WorldWideScience

Sample records for resistentes aos herbicidas

  1. Potencial de cruzamento natural entre o arroz transgênico resistente ao herbicida glufosinato de amônio e o arroz daninho

    OpenAIRE

    J.A. Noldin; S. Yokoyama; Antunes, P.; Luzzardi, R.

    2002-01-01

    A utilização de cultivares de arroz irrigado resistentes a herbicidas não-seletivos, como o glufosinato de amônio, pode se constituir numa alternativa de controle de arroz daninho em lavouras de arroz irrigado. O objetivo deste trabalho foi avaliar a taxa e o sentido do cruzamento natural entre plantas de uma linhagem modificada geneticamente para resistência ao herbicida glufosinato de amônio (arroz GM) e ao arroz daninho. A taxa de cruzamento natural entre o arroz GM como receptor feminino ...

  2. Análise do risco da ocorrência de biotipos de plantas daninhas resistentes aos herbicidas The risk of finding herbicide resistant weed biotypes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ribas A. Vidal

    1997-01-01

    Full Text Available A análise do risco da ocorrência de biótipos de planta s daninhas resistentes aos herbicidas dispõe de fundamentos teóricos adequados, porém é limitada pela falta de mais informações genéticas das espécies daninhas. O risco de encontrar uma área infestada com biótipos de plantas daninhas resistentes aos herbicidas depende de dois aspectos: da probabilidade de seleção de um mutante resistente a certo mecanismo de ação herbicida; e da probabilidade de infestação da área com plantas resistentes, a partir daquele mutante selecionado. O objetivo deste trabalho foi estudar a influência de fatores genéticos na probabilidade de seleção de um mutante resistente a determinado mecanismo de ação herbicida e assim prever o risco de serem encontrados biótipos de plantas daninhas resistentes aos herbicidas. Os fatores que determinam a probabilidade de selecionar um mutante resistente aos herbicidas podem ser agrupados em três categorias: os relacionados à genética da resistência; os relacionados ao número de plantas daninhas sob seleção; e os relacionados ao herbicida. Os fatores relacionados à genética da resistência são dependentes da freqüência inicial do alelo de resistência, da dominância e do tipo de polinização da espécie. Os fatores relacionados ao número de indivíduos são a área tratada com o herbicida e o grau de infestação da área. Os fatores relacionados aos herbicidas são o seu mecanismo de ação e a sua freqüência de uso na área. As previsões matemáticas indicam alto risco de ocorrência de resistência em áreas com alta infestação de plantas daninhas e que são aspergidas com herbicidas cujos mecanismos de ação apresentam histórico de alta freqüência inicial do alelo de resistência nas populações de plantas daninhas.The prediction of occurrence of weed resistance to herbicides is limited by the scarcity of informat ion on weed genetics. The risk of finding a resistant weed

  3. Habilidade competitiva relativa de arroz irrigado com arroz-vermelho suscetível ou resistente ao herbicida imazapyr + imazapic

    OpenAIRE

    Rubin,Rafael Salles; Langaro,Ana Claudia; Mariani,Franciele; Agostinetto,Dirceu; Berto,Roberta Manica

    2014-01-01

    O uso intenso de herbicidas com o mesmo mecanismo de ação tem selecionado espécies de plantas daninhas resistentes como, por exemplo, o arroz-vermelho (Oryza sativaL.) com resistência à mistura formulada dos herbicidas imazapyr + imazapic. A competição de plantas daninhas ocasiona perda de produtividade das culturas, geralmente crescente, quanto mais semelhantes forem suas características morfofisiológicas. Ainda, a capacidade competitiva do biótipo geralmente é alterada pela característica d...

  4. Similaridade genética entre acessos de Bidens pilosa resistentes aos herbicidas inibidores da ALS Genetic similarity among Bidens pilosa accesses resistant to ALS-inhibiting herbicides

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R.A. Vidal

    2005-09-01

    Full Text Available Herbicidas inibidores da enzima acetolactato sintase (ALS têm sido amplamente utilizados no controle da planta daninha picão-preto (Bidens pilosa. A pressão de seleção causada pelo uso intensivo desses herbicidas tem selecionado biótipos de picão-preto resistentes. O objetivo deste trabalho foi avaliar o grau de similaridade genética entre acessos de picão-preto resistentes aos herbicidas inibidores da ALS, bem como a relação entre coeficiente de similaridade genética e distância geográfica desses acessos. Para isso, sementes de dois grupos de acessos de picão-preto, originárias de uma propriedade em Pato Branco, Paraná, resistentes aos herbicidas inibidores da ALS foram colhidas, e plântulas foram cultivadas em casa de vegetação na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS, Porto Alegre-RS, em outubro de 2004. Por meio do marcador molecular RAPD (polimorfismo de DNA amplificado ao acaso foi possível avaliar a similaridade genética entre os acessos de picão-preto. Na análise conjunta dos acessos, dos 20 primers utilizados, 17 apresentaram-se polimórficos, amplificando um total de 94 bandas. Houve baixa similaridade genética (38% entre acessos de picão-preto resistentes aos herbicidas inibidores da ALS originários de uma mesma propriedade. Não foi observada relação entre distância genética e distância geográfica entre os acessos avaliados.Acetolactate synthase (ALS-inhibiting herbicides have been widely used to control the weed hairy beggarticks (Bidens pilosa. The selection pressure caused by intensive herbicide use has selected hairy beggarticks resistant biotypes. The objectives of this work were to evaluate the degree of genetic similarity among hairy beggarticks accesses (Bidens pilosa resistant to ALS-inhibiting herbicides, and to evaluate the relation between genetic similarity and geographic distance. Seeds of two groups of hairy beggarticks accesses resistant to ALS-inhibitors were sampled from a

  5. Plantas transgênicas resistentes aos herbicidas: situação e perspectivas Resistant transgenic plants to the herbicide: situation and perspectives

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Andréa Monquero

    2005-01-01

    Full Text Available Organismos geneticamente modificados (OGMs ou transgênicos podem ser plantas, animais ou microorganismos que tiveram no seu material genético a introdução de DNA proveniente de outro organismo. Em alguns casos, esse organismo poder ser outro individuo da mesma espécie, ou o mais comum, de outra espécie com o qual não há cruzamento natural. O uso dessa técnica no melhoramento de plantas permitirá aumentar a produção, reduzir perdas na pós-colheita, obter culturas mais tolerantes ao estresse ambiental, obter culturas que usem mais eficientemente nitrogênio e fósforo; aumentar o valor nutricional dos alimentos; obter plantas resistentes a herbicidas, pragas e ou doenças; desenvolver alternativas para indústrias como as de combustíveis e farmacêuticas. Alguns consumidores acreditam que OGM não é natural e que o melhoramento convencional é melhor, pois segue os princípios naturais de seleção ou usa mutações naturais. Entretanto, é possível e muito comum obter combinações indesejáveis de genes através do melhoramento tradicional. Com relação a culturas resistentes a herbicidas, várias preocupações podem ser destacadas. Essas incluem: (a deriva de herbicida para vegetação suscetível vizinha à cultura tolerante; (b cultura resistente ao herbicida pode tornar-se planta daninha de difícil controle; (c uso ilegal de sementes; (d reação pública negativa à engenharia genética; (e escape de genes para espécies nativas e (f seleção de biótipos resistentes ou de espécies tolerantes ao herbicida utilizado. A geração dos organismos geneticamente modificados tem sido alvo de polêmica e discussão nos diversos segmentos da sociedade. Porém, não se deve generalizar o uso dos transgênicos, pois cada um deve ser analisado quanto às suas vantagens, desvantagens e contribuição à melhoria da qualidade de vida.Genetically modified organisms (GMOs or transgenic may be plants, animals or microorganisms that have

  6. Identificação de biótipos de azevém (Lolium multiflorum resistentes ao herbicida glyphosate em pomares de maçã Identification of glyphosate-resistant ryegrass (Lolium multiflorum biotypes in apple orchards

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L. Vargas

    2004-12-01

    Full Text Available O glyphosate é um herbicida de amplo espectro utilizado há mais de 15 anos em pomares de maçã na região de Vacaria-RS, para manejo da vegetação nas linhas da cultura. São realizadas, em geral, três a quatro aplicações por ciclo e a dose normalmente utilizada é de 720 a 1.080 g e.a. ha-1 de glyphosate (2 a 3 L ha-1 do produto comercial. O azevém (Lolium multiflorum é uma planta daninha comum em pomares e, tradicionalmente, sensível ao glyphosate. Entretanto, nos últimos anos a ocorrência de plantas de azevém que, após receberem o tratamento com glyphosate, não manifestam sintomas significativos de toxicidade sugere que elas adquiriram resistência ao produto. Assim, com o objetivo de avaliar a resposta de uma população de plantas de azevém ao glyphosate, foram realizados três experimentos: um em campo e dois em casa de vegetação. No experimento em campo os tratamentos avaliados constaram de doses crescentes de glyphosate (0, 360, 720, 1.440, 2.880, 5.760 e 11.520 g e.a. ha-1, e os herbicidas paraquat, glufosinate, haloxyfop e diclofop foram empregados como produtos-padrão, aplicados em dois estádios vegetativos do azevém. No experimento em casa de vegetação, os tratamentos constaram de doses crescentes de glyphosate (0, 360, 720, 1.440, 2.880 e 5.760 g e.a. ha-1 mais os herbicidas testemunhas, aplicados sobre plantas do biótipo considerado resistente e de um sensível. No segundo experimento realizado em casa de vegetação foram avaliados tratamentos contendo glyphosate (720, 1.440, 2.880, 720 + 720 e 720 + 1.440 g e.a. ha-1, em aplicações únicas e seqüenciais, mais os herbicidas paraquat, glufosinate, haloxyfop, clethodim, sethoxydim, diclofop, fenoxaprop, fluazifop, paraquat + diuron, atrazine + simazine, trifluralin e metolachlor. A toxicidade dos tratamentos herbicidas foi avaliada aos 15, 30 e 45 DAT (dias após tratamento. Os resultados obtidos nos experimentos em campo e em casa de vegetação, de forma

  7. Alternativas de manejo químico da planta daninha Digitaria ciliaris resistente aos herbicidas inibidores da ACCase na cultura de soja Chemical management alternatives of the weed Digitaria ciliaris resistant to ACCASE inhibiting herbicides in soybean crop

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R.F. López-Ovejero

    2006-06-01

    Full Text Available Com o objetivo de avaliar a eficácia dos herbicidas inibidores da ACCase sobre uma população de capim-colchão (Digitaria ciliaris com histórico de falha de controle, bem como propor herbicidas alternativos a serem aplicados em condições de pré e pós-emergência na cultura de soja, foram conduzidos dois experimentos a campo no município de Palmeira-PR, durante o ano agrícola 2003/2004. No primeiro experimento, foi avaliada a eficácia dos tratamentos envolvendo herbicidas com mecanismo de ação de inibição da ACCase (g ha-1: sethoxydim (230, clethodim (108, butroxydim (75, tepraloxydim (100, fluazifop-p-butil (187,5, haloxyfop-r (60, propaquizafop (125, cyhalofop-butyl (225, fenoxaprop-p-ethyl + clethodim (50 + 50, além de testemunha sem herbicidas. No segundo experimento, os tratamentos constaram de herbicidas com mecanismos de ação alternativos, visando também o teste de eficácia de controle da planta daninha (g ha-1: trifluralina (2.700, clomazone (1.000, smetolachlor (1.920, sulfentrazone (600, trifluralina + sulfentrazone (2.100 + 400, clomazone + sulfentrazone (600 + 400, S-metolachlor + sulfentrazone (768 + 400 aplicados em condições de pré-emergência da planta daninha e da cultura e testemunha sem controle de plantas daninhas; os tratamentos apresentavam-se com ou sem complementação de controle através do herbicida imazethapyr (100, aplicado em condições de pós-emergência, com as plantas daninhas no estádio de duas a quatro folhas. Os resultados sugerem que a população estudada é resistente aos herbicidas inibidores da ACCase; os melhores resultados de eficácia de controle com os inibidores da ACCase foram obtidos com os herbicidas tepraloxydim, clethodim e butroxydim; os tratamentos com sulfentrazone isoladamente ou em mistura e os tratamentos com trifluralina, clomazone e S-metolachlor, em complementação com imazethapyr e imazethapyr isolado, foram eficazes no controle do biótipo resistente de

  8. Crescimento diferencial de biótipos de Conyza SPP. resistente e suscetível ao herbicida glifosato Differential growth of glyphosate-resistant and susceptible biotypes of Conyza SPP

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Murilo Sala Moreira

    2010-01-01

    Full Text Available Este trabalho foi realizado com o objetivo de comparar, em condição controlada e não-competitiva, o crescimento de biótipos de Conyza canadensis e C. bonariensis resistente e suscetível ao herbicida glifosato, a fim de quantificar os efeitos da pressão de seleção para resistência nos biótipos. Dois experimentos foram desenvolvidos com tratamentos organizados em esquema fatorial 9 x 2, com nove avaliações periódicas de crescimento e dois biótipos de cada espécie. As variáveis avaliadas por planta foram: área foliar; massa seca da parte aérea, das raízes e total, obtendo-se, a partir desta última, a taxa de crescimento absoluto. O biótipo de C. canadensis resistente ao glifosato possui crescimento mais lento, menor acúmulo de área foliar e de massa seca que o biótipo suscetível. Menores áreas foliar e massa seca também foram registradas para o biótipo de C. bonariensis resistente ao glifosato quando comparado ao suscetível, porém com diferenças mais sutis que aquelas constatadas para C. canadensis. O crescimento absoluto do biótipo suscetível foi superior ao do resistente em ambas as espécies. A pressão de seleção para resistência ao glifosato teve impactos negativos na habilidade de crescimento dos biótipos.This work was carried out with the objective of comparing, under controlled and non-competitive condition, the growth of glyphosate-resistant and susceptible biotypes of Conyza canadensis and C. bonariensis; to quantify the effects of resistance selection pressure on the biotypes. Two trials were developed with treatments organized according to a factorial scheme 9 x 2, where nine were periodical growth evaluations and two were biotypes of each species. The variables evaluated per plant were: leaf area and dry mass (shoot, root and total; to determine absolute growth rate from the total dry mass. The glyphosate-resistant biotype of C. canadensis exhibits slower growth and smaller accumulation of leaf area

  9. Desempenho de populações híbridas F2 de arroz-vermelho (Oryza sativa) com arroz transgênico (O. sativa) resistente ao herbicida amonio-glufosinate

    OpenAIRE

    J.A. Noldin; Yokoyama, S.; H. Stuker; Rampelotti,F.T.; M.I.F. Gonçalves; Eberhardt,D.S.; Abreu, A.; Antunes, P.; Vieira, J

    2004-01-01

    O arroz-vermelho e o arroz-preto constituem-se nas principais plantas daninhas infestantes da cultura de arroz irrigado, devido à dificuldade de controle seletivo desta espécie em lavouras comerciais. A utilização de cultivares geneticamente modificados resistentes a herbicidas não-seletivos constitui uma alternativa de controle do arroz-vermelho e arroz-preto em arroz irrigado. O objetivo deste trabalho foi avaliar o comportamento de populações híbridas F2 originárias do cruzamento entre o a...

  10. Resistência de biótipos de arroz-vermelho aos herbicidas imazapyr + imazapic e alternativas de controle

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael Salles Rubin

    2014-10-01

    Full Text Available O uso intenso de herbicidas com o mesmo mecanismo de ação na cultura do arroz (Oryza sativa L. tem selecionado biótipos resistentes, como, por exemplo, o arroz-vermelho (planta daninha resistente aos herbicidas imidazolinonas. Por essa razão, este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de avaliar a resistência de arroz-vermelho ao herbicida imazapyr + imazapic, na região sul do Rio Grande do Sul, e o controle do biótipo resistente de arroz-vermelho com os herbicidas alternativos clethodim e glyphosate. Foram realizados três experimentos, em delineamento casualizado, arranjados em esquema fatorial. No primeiro experimento, o fator A testou biótipos de arroz-vermelho [ORYSA 184 (resistente e ORYSA 188 (susceptível], o fator B comparou herbicidas (imazapyr + imazapic, clethodim e glyphosate e o fator C avaliou doses dos herbicidas (0; 0,5; 1; 2; 4; 8; 16 e 32 vezes a dose recomendada. No segundo, compararam-se biótipos de arroz-vermelho e doses do herbicida imazapyr + imazapic (0; 0,5; 1; 2; 4; 8; 16; 32 e 64 vezes a dose recomendada. No terceiro, testaram-se biótipos de arroz-vermelho e doses diferentes do herbicida imazapyr + imazapic para cada biótipo. O biótipo ORYSA 184 é resistente ao imazapyr + imazapic, quando aplicada a dose máxima de registro e estádio indicado. Os herbicidas clethodim e glyphosate, detentores de mecanismos de ação alternativos, controlam o biótipo resistente ORYSA 184 de arroz-vermelho.

  11. Suscetibilidade comparativa a herbicidas pós-emergentes de biótipos de Digitaria ciliaris resistente e suscetível aos inibidores da ACCase Relative susceptibility to post-emergence herbicides of ACCase-resistant and susceptible biotypes of Digitaria ciliaris

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R.F. López-Ovejero

    2006-12-01

    Full Text Available Esta pesquisa foi conduzida com o objetivo de avaliar a possibilidade de resistência múltipla aos herbicidas inibidores da ACCase, ALS e síntese de carotenos em um biótipo de capim-colchão (Digitaria ciliaris resistente aos inibidores da ACCase. O experimento foi conduzido em casa de vegetação, utilizando dois biótipos de capim-colchão: um resistente (R e outro suscetível (S aos herbicidas inibidores da ACCase. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos ao acaso, com quatro repetições. Foram utilizados 11 herbicidas: fluazifop-p-butil, haloxyfop-r-methyl, propaquizafop, sethoxydim, tepraloxydim, clethodim, fenoxaprop + clethodim, imazethapyr, nicosulfuron, iodosulfuron + foramsulfuron e mesotrione. Para cada herbicida, os tratamentos resultaram da combinação fatorial entre os dois biótipos de capim-colchão e 10 doses (0,0D; 0,016D; 0,03D; 0,06D; 0,25D; 0,5D; 1,0D; 2,0D; 4,0D; e 16,0D, em que D é a dose recomendada para cada produto. Os herbicidas foram aplicados sobre as plantas de capim-colchão em estádio de desenvolvimento de 3-4 folhas. Avaliou-se a porcentagem de controle aos 28 dias após a aplicação (DAA. O biótipo R foi confirmado como resistente aos herbicidas inibidores da ACCase (grupos químicos dos ariloxifenoxipropionatos e cicloexanodionas com níveis variáveis de resistência cruzada. O biótipo R foi controlado satisfatoriamente pela dose de campo de todos os herbicidas alternativos aplicados (sulfoniluréias, imidazolinonas e inibidores da síntese de caroteno, excluindo a hipótese de resistência múltipla nesse biótipo de capim-colchão.This research was conducted to evaluate the possibility of multiple resistances to ACCase, ALS and carotene synthesis inhibiting herbicides in one ACCase-resistant biotype of crab-grass (Digitaria ciliaris. The experiment was conducted in a greenhouse, using two crab-grass biotypes: one resistant (R and another susceptible (S to ACCase inhibiting herbicides

  12. Resistência de plantas daninhas aos herbicidas Weed resistance to herbicides

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro J. Christoffoleti

    1994-01-01

    Full Text Available A resistência de plantas daninhas aos herbicidas ocorre em função de um processo evolutivo. O desenvolvimento de biótipos de plantas daninhas resistentes é imposto pela agricultura moderna, através da pressão de seleção causada pelo uso intensivo dos herbicidas. O conhecimento dos mecanismos e fatores que favorecem o aparecimento de biótipos de plantas daninhas resistentes é fundamental para que técnicas de manejo sejam utilizadas no sentido de evitar ou retardar o aparecimento de plantas resistentes em uma área. São poucos os relatos ou citações de literatura no Brasil. Sendo assim, este trabalho de revisão procura relatar os principais avanços e descobertas na área de plantas daninhas resistentes aos herbicidas.Weed herbicide resistance has evolved from weed evolution. The modern agriculture is responsible for this evolution because of the intensive use of herbicides. The knowledge of mechanisms and factors that influence the weed herbicide resistance play an important role in the weed manegement techniques used to avoid or delay herbicide resistance appearence. There are not many report or scientific papers about herbi cide resistance in Brasil. Therefore, this literature review aims to provide information about the main advances and discoveries in the field of weed herbicide resistance.

  13. Comportamento do gramado submetido aos herbicidas clethodim e sethoxydim.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cleber D. de G. Maciel

    2007-06-01

    Full Text Available O principal fator do custo de manutenção de um gramado é o corte na altura adequada. O crescimento vegetativo e reprodutivo do gramado formado com grama-batatais (Paspalum notatum Flügge, submetido às doses de clethodim e sethoxydim foi avaliado em dois experimentos conduzidos no campus urbano da Escola Superior de Agronomia de Paraguaçu Paulista-ESAPP (SP, em gramado já estabelecido. Foi utilizado o delineamento experimental de blocos casualizados com seis tratamentos e quatro repetições, representados por clethodim nas subdoses de 0,0000; 0,0037; 0,0075; 0,0150; 0,0300 e 0,0600 kg i.a. ha-1, assim como pelo sethoxydim a 0,0000; 0,0156; 0,0312; 0,0625; 0,1250 e 0,2500 kg i.a. ha-1. O clethodim e sethoxydim, aos 7 DAA, intoxicaram as plantas a partir das doses de 0,0300 e 0,1250 kg ha-1, respectivamente. Os sintomas de intoxicação, aos 49 DAA, praticamente desapareceram para todos os tratamentos. O teor de clorofila nas folhas não apresentou diferenças significativas entre as subdoses de clethodim e sethoxydim em relação à testemunha, em nenhuma das épocas estudadas. Houve redução progressiva da altura média e no número de inflorescências do gramado em função do incremento das doses de clethodim e sethoxydim. Estes herbicidas apresentam viabilidade na redução vegetativa e reprodutiva da espécie P. notatum, sendo o sethoxydim mais seletivo em relação à preservação das características visuais do gramado

  14. Resistência de amendoim-bravo aos herbicidas inibidores da enzima acetolactato sintase Wild poinsettia resistance to acetolactate synthase inhibitor herbicides

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ribas A. Vidal

    1999-12-01

    Full Text Available O controle contínuo de plantas daninhas através da aplicação de herbicidas que apresentam atividade em um único local de ação nas plantas favorece a seleção de biótipos resistentes a estes herbicidas, em certas espécies vegetais. Quatro experimentos foram conduzidos em condições casa-de-vegetação, na Faculdade de Agronomia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, com os objetivos de avaliar a ocorrência de resistência aos herbicidas inibidores da enzima acetolactato sintase (ALS em vários biótipos de leiteiro ou amendoim-bravo (Euphorbia heterophylla EPHHL e avaliar a ocorrência de resistência múltipla a herbicidas com atividade em outros locais de ação. Biótipo oriundo de Passo Fundo foi resistente ao imazethapyr, enquanto biótipo oriundo de Porto Alegre foi suscetível. O biótipo de Passo Fundo apresentou resistência cruzada aos herbicidas imidazolinonas: imazapyr, imazaquin e imazethapyr; sulfoniluréias: chlorimuron, nicosulfuron e metsulfuron; e sulfonanilida: flumetsulan. Este biótipo não foi resistente aos herbicidas com os seguintes mecanismos de ação: inibidores de EPSPs, mimetizadores de auxina, inibidores dos fotossistemas I e II e inibidores de PROTOX. A confirmação de resistência aos inibidores de ALS em biótipos oriundos de Nãome-Toque, Passo Fundo e Rio Pardo sugere ampla dispersão no Rio Grande do Sul de resistência de E. heterophylla aos herbicidas deste mecanismo de ação.The continuous weed control with herbicides of only one site of action selects biotypes resistant to these herbicides. Four experiments were conducted in greenhouse of UFRGS, Brazil, to confirm the occurence of wild poinsettia (Euphorbia heterophylla biotypes resistance to herbicides inhibitors of acetholactate synthase (ALS, and to determine whether there was cross resistance to herbicides with other site of action. A biotype from Passo Fundo -RS was resistant to imazethapyr, whereas a biotype from Porto Alegre -RS

  15. Parâmetros fisiológicos e nutricionais de cultivares de soja resistentes ao glifosato em comparação com cultivares isogênicas próximas

    OpenAIRE

    Juliano Fuhrmann Wagner; Aldo Merotto Junior

    2014-01-01

    Cultivares de soja resistentes ao herbicida glifosato podem apresentar variação de adaptação em função dos efeitos do processo de transformação e da consequência do herbicida glifosato sobre a disponibilidade de micronutrientes. O objetivo deste estudo foi avaliar a variação de adaptação em cultivares de soja resistentes a glifosato, em comparação com cultivares isogênicas próximas sobre parâmetros fisiológicos, nutricionais, de crescimento e no rendimento de grãos da cultura. Foi realizado e...

  16. Tolerância da mamoneira ao herbicida trifluralin em solos com diferentes texturas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Katty A. A. de L. Medeiros

    2013-12-01

    Full Text Available A escassez de herbicidas registrados para a cultura da mamoneira ainda é fator limitante para sua expansão. Objetivou-se então, com este trabalho, avaliar a tolerância da mamoneira ao herbicida trifluralin em solos com diferentes texturas. O experimento foi conduzido em casa de vegetação, em delineamento inteiramente casualizado com cinco repetições, em esquema fatorial com 8 doses do herbicida trifluralin aplicado em pré-emergência (0; 187,5; 375; 750; 1.500; 3.000; 6.000 e 12.000 g ha-1 i.a. e quatro tipos de substrato (areia lavada; franco-arenoso; franco argiloso-arenoso e franco-argiloso. Aos 28 dias após a semeadura foram determinadas as variáveis: altura de plantas, área foliar, massa seca da parte aérea, volume e massa seca do sistema radicular. Concluiu-se que a dose do herbicida trifluralin tolerada pela mamoneira é influenciada pelas características químicas e físicas do solo. Em solos de textura arenosa e franco-arenosa doses do herbicida trifluralin abaixo daquelas comumente utilizadas para controle de plantas daninhas, são suficientes para ocasionar redução no crescimento das plantas de mamoneira.

  17. Atividade residual de seis herbicidas aplicados ao solo em época seca

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Saul Jorge Pinto de Carvalho

    2012-04-01

    Full Text Available Este trabalho foi desenvolvido em campo, com o objetivo de avaliar a atividade residual de herbicidas recomendados para a cultura da cana-de-açúcar, quando aplicados ao solo na época seca. Os tratamentos foram organizados em esquema de parcelas subdivididas, em que, no âmbito das parcelas, foram aplicados seis herbicidas e, no âmbito das subparcelas, foram considerados três períodos de permanência dos produtos no solo (130 dias, 70 dias e testemunha, sem aplicação. Os tratamentos herbicidas foram (g ha-1: amicarbazone a 1260; clomazone a 1250; hexazinone a 450; imazapic a 147; isoxaflutole a 187,5; e sulfentrazone a 900. Além da infestação natural de plantas daninhas, para avaliação da atividade residual dos produtos, semeou-se pepino na área, considerado como bioindicador. A mesma molécula herbicida teve avaliação diferenciada em razão da espécie bioindicadora considerada. Os herbicidas amicarbazone, hexazinone, isoxaflutole e sulfentrazone têm propriedades positivas para aplicação ao solo em época seca, tais como elevada solubilidade, baixo Kow e baixa fotodegradação. A aplicação de imazapic em pré-emergência tem eficácia consistente em época seca, controlando adequadamente o pepino e a comunidade natural de plantas daninhas. O herbicida clomazone não controlou adequadamente o pepino e a comunidade natural de plantas daninhas.

  18. Profundidade de localização do herbicida imazetapir + imazapique no solo sobre a fitotoxicidade em de plantas de arroz não resistente Depth of placement of the herbicide imazethapyr + imazapic in soil profile on non-tolerant rice injury

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Angela Da Cas Bundt

    2010-09-01

    Full Text Available Os herbicidas imazetapir e imazapique, usados em cultivares de arroz Clearfield®, possuem alta persistência e mobilidade no solo, ocasionando danos em genótipos de arroz não resistentes cultivados em rotação. Tais herbicidas podem lixiviar e atingir maiores profundidades ao longo do perfil. Esse posicionamento em profundidade pode ser um fator de seletividade e explicar parcialmente os diferentes resultados encontrados na literatura sobre o efeito residual do herbicida no solo. O objetivo do estudo foi avaliar o efeito da profundidade de localização no solo e da mistura formulada pelos herbicidas imazetapir e imazapique (75 e 25g e.a. L-1 na fitotoxicidade em genótipos de arroz não resistentes. Nesse sentido, foram conduzidos dois experimentos em solo com 15% de argila e 1,2% de matéria orgânica, em casa-de-vegetação, no campus da Universidade Federal de Pelotas (UFPel, em Pelotas, Rio Grande do Sul (RS. O experimento I consistiu de estudo preliminar visando a determinar a profundidade máxima de localização do herbicida no solo que causa danos ao arroz não resistente, e o herbicida foi alocado nas profundidades de 0, 5, 10, 20, 30, 50 e 70cm. O experimento II também consistiu na alocação do herbicida em profundidades ao longo do perfil do solo de 3, 6, 9, 12, 15 e 18cm. As variáveis analisadas foram fitotoxicidade, massa da matéria seca e estatura das plantas. O herbicida resultante da mistura formulada de imazetapir com imazapique localizado próximo à superfície do solo causa danos intensos em plantas de arroz não resistente, porém, quando alocado em profundidades maiores que 20cm da superfície do solo, não prejudica o desenvolvimento de genótipos de arroz não resistentes a essa mistura de herbicidas.The herbicides imazethapyr and imazapic, used in Clearfield® rice, have high mobility and persistence in the soil, causing injury to non-resistant rice grown in rotation. These herbicides can leach and reach greater

  19. Resistência de Conyza canadensis e C. bonariensis ao herbicida glyphosate Glyphosate-resistance in Conyza canadensis and C. bonariensis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.S. Moreira

    2007-03-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar, por meio de curvas de dose-resposta, a ocorrência de biótipos resistentes ao herbicida glyphosate em populações de Conyza canadensis e C. bonariensis, bem como propor tratamentos alternativos para esses biótipos. Os experimentos foram realizados em casa de vegetação, utilizando-se três populações de cada espécie: duas com suspeita de resistência ao herbicida glyphosate, coletadas em pomares de laranja localizados em duas regiões diferentes do Estado de São Paulo; e uma suscetível, coletada em área sem histórico de aplicação do herbicida. O delineamento experimental adotado foi o de blocos ao acaso, com quatro repetições. Para cada espécie, os tratamentos foram resultado da combinação fatorial entre as três populações e os tratamentos herbicidas (oito doses de glyphosate ou cinco tratamentos alternativos. As doses de glyphosate foram (g e.a. ha¹: 90, 180, 360, 720, 1.440, 2.880, 5.760 e testemunha sem aplicação. Como alternativas de controle, foram testados os seguintes tratamentos (g ha-1: glyphosate + 2,4-D (1.440 + 1.005, glyphosate + metsulfuron (1.440 + 2,4, glyphosate + metsulfuron (1.440 + 3,6, glyphosate + metribuzin (1.440 + 480 e testemunha sem aplicação. A partir dos resultados, comprovou-se a existência de populações de ambas as espécies com biótipos resistentes ao herbicida glyphosate, com diferentes níveis de resistência. Todos os tratamentos herbicidas alternativos controlaram de forma eficiente as três populações de cada espécie.The objective of this research was to evaluate, through dose-response curves, the occurrence of glyphosate-resistant biotypes in populations of Conyza canadensis and C. bonariensis; as well as to propose alternative treatments to these biotypes. The experiments were conducted in a greenhouse, using three populations of each species: two with suspicion of resistance to the herbicide glyphosate, and collected in orange orchards

  20. Manejo de capim pé-de-galinha em lavouras de soja transgênica resistente ao glifosato Management of goose grass on transgenic soybean, resistant to glyphosate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André da Rosa Ulguim

    2013-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a resistência de capim pé-de-galinha (Eleusine indica ao glifosato, em lavouras de soja transgênica; avaliar o efeito de aplicações de glifosato em diferentes estádios de desenvolvimento; identificar práticas agronômicas associadas à seleção de biótipos resistentes; e avaliar a eficiência dos herbicidas cletodim, fluazifope-P-butílico, clomazona, glufosinato de amônio e glifosato nas plantas resistentes. Plantas escapes ao tratamento com glifosato foram coletadas em 24 propriedades, no Rio Grande do Sul. As plantas foram cultivadas em casa de vegetação, tendo-se avaliado a sua resistência ao glifosato. Os acessos resistentes foram selecionados e avaliados quanto ao efeito da aplicação do glifosato em diferentes estádios de crescimento e quanto à sensibilidade aos herbicidas. Foi aplicado um questionário aos produtores para identificação das práticas agronômicas associadas às falhas no controle. O controle de E. indica pelo glifosato é mais efetivo com a aplicação em estádios iniciais de desenvolvimento. Práticas agronômicas, como uso contínuo de baixas doses do herbicida, aplicação em estádios de desenvolvimento avançados das plantas daninhas (mais de um afilho e a ausência de rotação de culturas foram relacionadas às falhas de controle observadas. Os herbicidas cletodim, fluazifope-P-butílico e glufosinato de amônio são alternativas eficientes para o controle de E. indica.The objective of this work was to evaluate the resistance of goose grass (Eleusine indica to glyphosate application in transgenic soybean crops; evaluate the effect of glyphosate applications in different growth stages; identify the main agronomic practices associated with the selection of resistant biotypes; and evaluate the effect of the herbicides clethodim, fluazifop-p-butyl, clomazone, glufosinate ammonium, and glyphosate on resistant plants. Plants that survived glyphosate application

  1. Anatomia foliar de Lolium multiflorum sensível e resistente ao glyphosate Leaf anatomy of Lolium multiflorum sensitive and resistant to glyphosate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J. Galvani

    2012-06-01

    Full Text Available Este trabalho foi desenvolvido com o intuito de contribuir para o conhecimento anatômico da espécie Lolium multiflorum e, a partir disso, observar possíveis alterações que possam elucidar o mecanismo que confere resistência ao herbicida glyphosate. Para isso, realizou-se um experimento com quatro biótipos dessa espécie com distinta sensibilidade ao herbicida glyphosate, sendo um sensível (B1S e três resistentes (B2R, B3R e B4R. As análises ocorreram a partir de secções transversais e longitudinais dos órgãos vegetativos de plantas no estádio de afilhamento. Anatomicamente, o azevém caracteriza-se por apresentar grande quantidade de estômatos e de células buliformes, bem como mesofilo homogêneo constituído apenas de células paliçádicas compactamente distribuídas. Comparativamente, não ocorrem diferenças morfológicas evidentes que possam ser usadas para diferir biótipos sensíveis de resistentes, no entanto, nota-se que biótipos resistentes, especialmente B3R e B4R, apresentaram maior densidade estomática em relação aos demais. Ainda, os biótipos resistentes apresentaram maior quantidade de espaços intercelulares no mesofilo e feixes vasculares com menor quantidade de floema em relação ao xilema, o que, por suas funções na planta, pode colaborar para a menor sensibilidade ao herbicida.This work aimed to contribute to the anatomical knowledge of the species Lolium multiflorum and to observe possible changes that may elucidate the mechanism that confers its resistance to the herbicide glyphosate. Thus, an experiment was conducted using four biotypes of this species with distinct sensitivities to the herbicide glyphosate: one susceptible (B1S and three resistant biotypes (B2R, B3R and B4R. Analyses were conducted on the transverse and longitudinal sections of the vegetative organs of the plants at the tillering stage. Anatomically, ryegrass is characterized as having a large number of stomata and buliform cells

  2. Resistence of Euphorbia Heterophylla L. to ALS-inhibiting herbicides in soybean Resistência de Euphorbia Heterophylla L. aos herbicidas inibidores da ALS na cultura da soja

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gerson Augusto Gelmini

    2005-10-01

    prolongado de produtos com o mesmo mecanismo de ação pode provocar a manifestação de biótipos resistentes, como ocorreu com Euphorbia heterophylla L. aos inibidores da ALS nos Estados do Paraná, Rio Grande do Sul e São Paulo. Para verificar possíveis novos casos, bem como alternativas para prevenção e manejo, foram coletadas sementes dessa espécie daninha na região de Caarapó (MS, em plantas que sobreviveram a tratamentos onde esses herbicidas foram sistematicamente aplicados nos últimos anos. Em casa-de-vegetação, comparou-se o efeito dos principais herbicidas usados em pós-emergência na cultura da soja sobre o biótipo com histórico de resistência e sobre um suscetível sendo instalado, um experimento em blocos ao acaso para cada produto (n = 4. Os herbicidas foram aplicados quando as plantas apresentavam de duas a quatro folhas verdadeiras nas doses zero, uma, duas, quatro e oito vezes a recomendação do fabricante. Aos vinte dias após a aplicação, foram avaliados parâmetros relativos ao controle e produção de fitomassa epígea com base nos valores de DC50 e GR50. Foi determinado também o fator de resistência (FR, que representa o número de vezes em que a dose necessária para proporcionar 50% de controle ou de redução na produção de fitomassa epígea do biótipo suscetível deve ser aumentada, para que possa ocorrer o mesmo efeito sobre o resistente. O biótipo resistente apresentou diferentes níveis de resistência aos herbicidas chlorimuron-ethyl e imazethapyr, demonstrando ser portador de resistência cruzada aos inibidores da ALS dos grupos das sulfoniluréias e imidazolinonas. O fator de resistência para chlorimuron-ethyl foi superior a 16,5 para a porcentagem de controle e a 16,9 para a produção de fitomassa epígea, enquanto que para imazethapyr, o fator de resistência foi superior a 25,0 e a 23,5, respectivamente. O biótipo resistente foi eficientemente controlado nos tratamentos com os herbicidas fomesafen (250 g ha-1

  3. Herança da resistência aos herbicidas inibidores da ALS em biótipos da planta daninha Euphorbia heterophylla Inheritance of ALS inhibitor resistance in Euphorbia heterophylla weed biotypes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L. Vargas

    2001-12-01

    Full Text Available Os herbicidas inibidores da ALS são os principais produtos aplicados para o controle da planta daninha amendoim-bravo (Euphorbia herterophylla em lavouras de soja; no entanto, já foram identificados biótipos desta planta daninha resistentes a estes herbicidas no Brasil. O objetivo desta pesquisa foi estudar a herança, o número de genes que conferem a resistência e o grau de resistência dos biótipos homozigotos e heterozigotos resistentes. Foram realizados cruzamentos recíprocos entre os genitores suscetíveis e resistentes para obtenção de sementes F1 e, posteriormente, realizaram-se os retrocruzamentos (RC com os genitores resistente (R e suscetível (S. Plantas F1 foram autofecundadas artificialmente para obtenção da geração F2. As plantas F1, F2, RCr e RCs e dos genitores foram tratadas com o herbicida imazethapyr (150 g ha-1. Para avaliar o grau de resistência, plantas F1 e os genitores resistente e suscetível foram tratados com as doses de imazethapyr de 0, 100, 200, 400, 800 e 1.600 g ha-1. As plantas F1 mostraram-se totalmente resistentes ao herbicida, demonstrando que a resistência é nuclear e dominante. As plantas F2 apresentaram alta probabilidade para segregação 3:1, indicando que a resistência é codificada por um gene dominante. A aplicação de doses de imazethapyr sobre as plantas F1 demonstrou que os biótipos homozigotos resistentes e os heterozigotos apresentam o mesmo grau de resistência para doses de até 1.600 g ha-1 deste herbicida. A resistência é codificada por um gene dominante nuclear com dominância completa.The ALS inhibitor herbicides are the main products applied to control Euphorbia heterophylla in the soybean crop; however, resistant biotypes to these herbicides have been identified in Brazil. This research aimed to study the inheritance, number of genes involved in the resistance and the degree of resistance of the homozygous and heterozygous resistant biotypes. Reciprocal crossings (RSs

  4. Resistência de azevém (Lolium multiflorum ao herbicida glyphosate Resistance of italian ryegrass (Lolium multiflorum to glyphosate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    E.S. Roman

    2004-06-01

    Full Text Available O azevém é uma gramínea de ciclo anual, constituindo-se com freqüência em planta infestante em lavouras de trigo do Rio Grande do Sul. Em experimentos realizados em casa de vegetação e no campo, foi avaliada a suscetibilidade de dois biótipos de azevém ao herbicida glyphosate, bem como a eficiência de herbicidas de ação total na dessecação de Lolium multiflorum para a semeadura direta de trigo. O delineamento experimental foi completamente casualizado em casa de vegetação e de blocos ao acaso em campo, com três e quatro repetições, respectivamente. Foram avaliados herbicidas com mecanismos de ação distintos em diferentes doses: glyphosate, glufosinate, clethodim, haloxyfop-r e diclofop, paraquat e paraquat + diuron. Os resultados, em casa de vegetação, evidenciam que o biótipo sensível é totalmente controlado com glyphosate na dose de 360 g e.a. ha-1 e que doses de até 1.440 g e.a. ha-1 não afetam significativamente o acúmulo de matéria seca do biótipo resistente e produzem toxicidade inferior a 15% sobre este. Já as doses entre 1.440 e 5.760 g e.a. ha-1 de glyphosate reduzem significativamente a produção de matéria seca e resultam em toxicidade inferior a 45%. Em campo, os melhores controles de azevém foram propiciados pelos tratamentos clethodim (79,2 g ha-1 e diuron + paraquat (300 + 600 g ha-1, que não diferiram entre si. Assim, evidencia-se que a população de Lolium multiflorum avaliada neste trabalho é constituída predominantemente de um biótipo resistente aos herbicidas inibidores da enzima EPSPs.Italian ryegrass (Lolium multiflorum is cultivated as forage and/or cover crop in no-till system. However, it is also a serious weed in wheat and other winter cereals in Southern Brazil. Experiments were conducted at greenhouse and field conditions to evaluate the susceptibility of two ryegrass biotype to glyphosate as well as the efficacy of other herbicides on the post-emergence control of the species

  5. Identificação de biótipos de Bidens spp. resistentes aos inibidores da ALS através de teste germinativo Identification of Bidens spp. biotypes resistant to ALS-inhibiting herbicides through germinative test

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    S.J.P. Carvalho

    2004-09-01

    Full Text Available A presença de biótipos de Bidens pilosa e B. subalternans resistentes aos herbicidas inibidores da ALS nas lavouras de soja tem sido constatada em diversos locais do país. Este trabalho teve por objetivo desenvolver uma metodologia prática de detecção de biótipos resistentes de Bidens spp. aos herbicidas do grupo dos inibidores da ALS, através de testes germinativos em solução herbicida. O trabalho foi dividido em três fases de experimentos independentes. A primeira fase constituiu-se da elaboração de curvas do tipo dose-resposta para um biótipo suscetível de Bidens spp. quando germinado em soluções de quatro herbicidas pré-emergentes (flumetsulan, diclosulan, imazaquin e metribuzin. O objetivo desta fase foi conhecer quais herbicidas se adaptam melhor à metodologia, utilizando as seguintes doses: 2C, 1C, 1/2C, 1/4C, 1/8C, 1/16C, 1/32C, 1/64C e água (em que C = dose comercial. A segunda fase constituiu-se da elaboração de curvas do tipo dose-resposta para os herbicidas selecionados na primeira fase (imazaquin e metribuzin utilizando-se um biótipo resistente, com a intenção de identificar a dose que proporciona a maior amplitude de resposta entre os diferentes biótipos. A terceira fase constituiu-se da instalação de um teste comparativo, simultâneo, entre três biótipos resistentes e um biótipo suscetível, quando expostos à germinação nas soluções dos herbicidas selecionados na primeira fase, utilizando-se das doses escolhidas na segunda fase. Os biótipos resistentes de Bidens spp. apresentaram maior capacidade de desenvolver radículas em solução herbicida de imazaquin a 87,5 mg L-1 quando comparados com os biótipos suscetíveis, fato que comprova a aplicabilidade do método. A metodologia de identificação de biótipos resistentes de Bidens spp. através de testes germinativos em solução herbicida caracteriza-se como uma alternativa rápida e eficiente de identificação de biótipos.Bidens pilosa and

  6. Características micromorfológicas de biótipos de capim‑arroz resistente e suscetível ao quinclorac

    OpenAIRE

    Ferreira,Evander Alves; Concenço,Germani; Galon,Leandro; Delgado,Marina Neves; Aspiazú,Ignacio; Silva,Alexandre Ferreira da; Ferreira,Francisco Affonso; Meira,Renata Maria Strozi Alves

    2012-01-01

    O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito do quinclorac nas características anatômicas de folhas e raízes de biótipos de capim‑arroz (Echinochloa spp.), resistente e suscetível a este herbicida, por meio de avaliações micromorfométricas. As plantas foram cultivadas em vasos de plástico com capacidade de 250 cm³. As imagens dos cortes foram obtidas com microscópio de luz equipado com sistema U‑Photo, acoplado à câmera digital conectada a microcomputador. Na seção transversal d...

  7. Resistências cruzadas em biótipos de Alisma Plantago-Aquatica resistentes ao bensulfurão-metilo e suas consequências Cross resistance in bensulfuron-methyl resistant Alisma Plantago-Aquatica biotypes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Isabel M. Calha

    2008-01-01

    Full Text Available A aplicação repetida de bensulfurão-metilo em arrozais dos vales dos rios Sorraia, Sado e Mondego seleccionaram populações resistentes (R de Alisma plantago-aquatica (Mo260, Sa88, So306 e So307. Determinou-se o nível de resistência (NR= ED50 R/ ED50 S ao bensulfurão-metilo em plantas com 26 dias (6 filódios lineares e com 42 dias (6 filódios expandidos e a resistência cruzada a 14 herbicidas. Confirmou-se que quatro populações eram resistentes e uma (Mo190 era susceptível. Esta população provinha de um campo tratado com bensulfurão-metilo e bentazona anualmente. Os resultados dos ensaios de doseresposta confirmam a maior susceptibilidade ao bensulfurão-metilo, no estado fenológico 116. Apresentaram resistência cruzada a todos os herbicidas inibidores da ALS excepto ao metsulfurão-metilo e ao imazetapir. Obtiveram-se valores de NR de 3 a 315 para azimsulfurão, cinosulfurão e etoxisulfurão. Bentazona, MCPA, oxadiazão e propanil apresentaram NR próximos da unidade, indicando que herbicidas com diferente modo de acção mantiveram a sua eficácia e podem constituir alternativa no combate a populações de A. plantago-aquatica resistentes ao bensulfurão-metilo.The repetitive use of bensulfuron-methyl in rice fields from Sorraia, Sado and Mondego river valleys had selected resistant (R populations of Alisma plantago-aquatica in Portugal, identified as So306, So307, Sa88, Mo190; Mo260, respectively. The response of R-biotypes to bensulfuron-methyl at 26 days after seeding (DAS and 42 DAS and the crossresistance either to ALS- inhibitors or to herbicides with other mode of action, was investigated in dose-response experiments. The results confirmed bensulfuron-methyl resistance in four biotypes, but not in Mo190, which had been also treated with bentazon every year. Younger plants (6 linear phyllodium, BBCH 116 were more susceptible to bensulfuron-merthyl than were older plants (6 expanded phyllodium, BBCH 126. R

  8. Resistência de biótipos de Euphorbia heterophylla l. Aos herbicidas inibidores da enzima ALS utilizados na cultura de soja Resistance of Euphorbia heterophylla l. Biotypes to ALS enzyme inhibitor herbicides used in soybean crop

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    GERSON AUGUSTO GELMINI

    2001-01-01

    Full Text Available Os herbicidas constituem-se na principal medida de controle de plantas daninhas na cultura de soja; no entanto, a pressão de seleção causada pelo uso contínuo de produtos com o mesmo mecanismo de ação pode provocar a seleção de biótipos resistentes, como ocorreu com Euphorbia heterophylla L., que se mostrou resistente aos herbicidas inibidores da enzima acetolactato sintase (ALS em áreas dos Estados do Paraná e Rio Grande do Sul. Para comprovar possíveis novos casos, bem como alternativas para prevenção e manejo, coletaram-se sementes de plantas de E. heterophylla L., na região de Assis (SP, que sobreviveram a tratamentos, em que esses herbicidas foram sistematicamente aplicados nos últimos anos. Desenvolveu-se o experimento em casa de vegetação, comparando-se o biótipo resistente ao suscetível, quando submetido aos diversos herbicidas aplicados em pós-emergência. Aplicaram-se quando as plantas encontravam-se no estádio de duas a quatro folhas verdadeiras, nas doses zero, uma, duas, quatro e oito vezes a recomendada. Aos 20 dias após a aplicação, avaliaram-se os parâmetros relativos ao controle e produção de fitomassa epígea visando ao estabelecimento de curvas de doses-resposta, à obtenção dos fatores de resistência com base nos valores da DL50 e GR50, e à verificação da ocorrência de resistência múltipla. O biótipo resistente apresentou diferentes níveis de resistência aos herbicidas chlorimuron-ethyl e imazethapyr, demonstrando resistência cruzada aos inibidores da ALS dos grupos das sulfoniluréias e imidazolinonas. No entanto, foi eficientemente controlado nos tratamentos com fomesafen (250 g.ha-1, lactofen (120 g.ha-1, flumiclorac-pentil (40 g.ha-1, glufosinato de amônio (150 g.ha-1 e glyphosate (360 g.ha-1.Herbicides are the main tool for weed control in soybean crop, but the selection pressure attributed to the repeated application of the same herbicides and the same mechanism of action can

  9. Características micromorfológicas de biótipos de capim‑arroz resistente e suscetível ao quinclorac

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Evander Alves Ferreira

    2012-08-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito do quinclorac nas características anatômicas de folhas e raízes de biótipos de capim‑arroz (Echinochloa spp., resistente e suscetível a este herbicida, por meio de avaliações micromorfométricas. As plantas foram cultivadas em vasos de plástico com capacidade de 250 cm³. As imagens dos cortes foram obtidas com microscópio de luz equipado com sistema U‑Photo, acoplado à câmera digital conectada a microcomputador. Na seção transversal da lâmina foliar e das raízes, utilizou-se objetiva de 10X, tendo-se avaliado 20 cortes/campos por planta, com dez medições por corte e quatro repetições por tratamento. Observaram-se diferenças entre os biótipos resistente e suscetível, tanto na ausência quanto na presença do quinclorac. O biótipo resistente apresenta lâmina foliar pouco afetada pelo herbicida; no entanto, há modificação na constituição dos tecidos radiculares com a formação mais acentuada de aerênquima. O biótipo suscetível também apresenta formação de aerênquima quando tratado com o quinclorac, mas em quantidade inferior à observada no biótipo resistente.

  10. Habilidade competitiva de plantas de arroz com biótipos de capim-arroz resistente ou suscetível ao quinclorac Competitive ability of rice plants with barnyardgrass biotypes resistant or susceptible to quinclorac

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    S.P. Tironi

    2009-06-01

    Full Text Available Objetivou-se com este trabalho avaliar a habilidade competitiva de plantas de arroz cultivar BRS Pelota com biótipos de capim-arroz resistente ou suscetível ao herbicida quinclorac. Para isso, foi instalado experimento em casa de vegetação, em delineamento completamente casualizado com quatro repetições, sendo os tratamentos dispostos em esquema fatorial 2 x 6. As unidades experimentais constaram de vasos plásticos contendo 10 dm³ de solo, cujo pH e nível de nutrientes foram previamente corrigidos. Os tratamentos consistiram na competição entre uma planta de arroz, cultivar BRS Pelota, com populações (0, 1, 2, 3, 4 ou 5 plantas por vaso dos biótipos de capim-arroz resistente (ECH-13 ou suscetível (ECH-12 ao herbicida quinclorac. As avaliações foram realizadas aos 40 dias após emergência, sendo avaliados; massa seca da parte aérea (MSPA, taxa de crescimento (TC, área foliar específica (AFE, razão de massa foliar (RMF, razão de área foliar (RAF e índice de área foliar (IAF. A interferência no desenvolvimento do cultivar de arroz BRS Pelota foi proporcionalmente maior com o aumento da população de ambos os biótipos de capim-arroz. Os biótipos apresentaram, em geral, habilidade competitiva similar.The objective of this study was to evaluate the competitive ability of the rice cultivar BRS Pelota with biotypes resistant or susceptible to the herbicide Quinclorac. The experiment was conducted under greenhouse conditions in a completely randomized design with four replications, with the treatments arranged in a 2 x 6 factorial. The experimental units consisted of plastic pots containing 10 dm³ of soil, with pH and nutrient level being previously corrected. The treatments consisted of a competition between a rice plant, BRS Pelota cultivar, with populations (0, 1, 2, 3, 4 or 5 plants per pot of the barnyardgrass biotypes resistant (ECH-13 or susceptible (ECH -12 to the herbicide Quinclorac. The evaluations were performed

  11. Suscetibilidade de biótipos de arroz-vermelho e de cultivares de arroz irrigado ao herbicida imazethapyr Susceptibility of red rice biotypes and commercial rice cultivars to imazethapyr

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    S.H.B. Dornelles

    2010-01-01

    Full Text Available Para avaliar a suscetibilidade de biótipos de arroz-vermelho(Oryza sativa e cultivares comerciais de arroz ao herbicida imazethapyr, realizou-se um ensaio em casa de vegetação com cinco biótipos de arroz-vermelho (acessos Santa Maria 5, Pelotas 3, Rio Pardo 1, Manoel Viana 2 e Catuçaba 1, dois cultivares comerciais de arroz: Clearfield® (IRGA 422 CL e Puitá INTA CL e um cultivar convencional (IRGA 417. Utilizou-se a metodologia de curvas de dose-resposta proposta por Seefeldt et al. (1995. A metodologia de curvas de resposta foi gerada a partir dos parâmetros do modelo logístico e dos valores de I50. Os biótipos de arroz-vermelho e os cultivares foram submetidos a seis doses do herbicida imazethapyr (0; 33,12; 66,25; 132,5; 265,0; e 530,0 g i.a. ha-1. As plantas de arroz foram contadas e coletadas no 20º dia após a aplicação dos tratamentos. A análise do percentual de dano foi realizada através de avaliação visual da fitointoxicação (%, massa verde e massa seca das plantas. Analisando as curvas e os resultados da análise da variância, pode-se inferir que os cultivares Clearfield Irga 422 CL e Puitá INTA CL foram significativamente iguais ao biótipo de arroz-vermelho Catuçaba 1, resistindo a doses de imazethapyr superiores à recomendada em campo para o sistema Clearfield®. Os biótipos Manoel Viana 2, Santa Maria 5 e Pelotas 3 agruparam-se com o cultivar convencional IRGA 417, sendo suscetíveis à dose comercial do herbicida. O biótipo Rio Pardo 1 também é resistente ao herbicida imazethapyr, porém menos resistente que o biótipo Catuçaba 1.To evaluate the susceptibility of biotypes of red rice (Oryza sativa and commercial rice cultivars to the herbicide imazethapyr, a greenhouse assay was conducted with five red rice biotypes (accesses Santa Maria 5, Pelotas 3, Rio Pardo 1, 2 and Manoel Viana Catuçaba 1, two commercial rice cultivars: Clearfield ® (Irga CL 422 and CL Puit INTA, and a conventional cultivar (Irga

  12. Variabilidade no grau de resistência de capim-marmelada (Brachiaria plantaginea aos herbicidas clethodim, tepraloxydim e sethoxydim Variability in the degree of resistance of Alexandergrass (Brachiaria plantaginea to the herbicides clethodim, tepraloxydim, and sethoxydim

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    D.L.P. Gazziero

    2004-09-01

    Full Text Available O uso continuado de herbicidas pertencentes a um único mecanismo de ação resulta em pressão de seleção de biótipos resistentes de plantas daninhas. No Brasil, as primeiras manifestações de resistência foram relatadas com as espécies de capim-marmelada (Brachiaria plantaginea, picão-preto (Bidens spp. e amendoim-bravo (Euphorbia heterophylla. Tem-se verificado que, quando da ocorrência da resistência de uma planta daninha a um determinado produto, o problema se estende aos demais produtos que possuem o mesmo mecanismo de ação. Sabe-se, porém, que o grau de resistência poderá variar entre os produtos e, eventualmente, ocorrer resistência para uns e não para outros. Com o objetivo de avaliar possíveis diferenças na eficiência de produtos inibidores da enzima ACCase em biótipos resistentes de capim-marmelada, foram conduzidos dois experimentos em casa de vegetação em Londrina-PR. Os tratamentos incluíram os herbicidas sethoxydim, clethodim e tepraloxydim, em diferentes doses. No primeiro, as aplicações foram realizadas com as plantas no estádio de um a dois afilhos e, no segundo, no estádio de dois a três afilhos. Embora os três compostos químicos atuem na inibição da enzima ACCase, foi evidenciada elevada diferença no grau de resistência do capim-marmelada a esses produtos. Os resultados indicaram que o biótipo considerado resistente ao herbicida sethoxydim foi suscetível aos produtos clethodim e tepraloxydim.The continuous use of herbicides with a single mechanism of action results in selection pressure of resistant weed biotypes. In Brazil, the first manifestations of resistance occurred with Alexandergrass species (Brachiaria plantaginea, beggarticks (Bidens spp. and wild poinsettia (Euphorbia heterophylla. The occurrence of weed resistance to a particular product has been found to extend to other products with the same mechanism of action. It is known, however, that the degree of resistance can vary

  13. Obtenção de plantas de feijão-caupi resistentes ao Cowpea severe mosaic virus e ao Cowpea aphid-borne mosaic virus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gislanne Brito Barros

    2013-06-01

    Full Text Available Dentre os vírus que infectam o feijão-caupi (Vigna unguiculata L. Walp. destacam-se, respectivamente, pela severidade e ampla ocorrência o Cowpea severe mosaic virus (CPSMV e o Cowpea aphid-borne mosaic virus (CABMV. Portanto, objetivaram-se, no presente trabalho, obter e avaliar plantas de feijão-caupi com resistência ao CPSMV e ao CABMV, visando ao desenvolvimento de cultivares essencialmente derivadas e novas cultivares. Realizaram-se oito cruzamentos seguidos de retrocruzamentos, utilizando a linhagem TE 97-309G-9 e a cultivar Patativa como genitores resistentes, e as cultivares BR3-Tracuateua, BRS-Urubuquara, BRS-Novaera, BRS-Guariba e Pretinho como genitores suscetíveis. As gerações F2 e F2RC1 foram desafiadas quanto à resistência por meio de inoculação mecânica com isolados do CPSMV e do CABMV. Nas gerações F2RC1, além da resistência foram avaliados os caracteres: número de dias para o início da floração, comprimento das vagens, número de grãos. vagem-1, peso de cem grãos e produção de grãos.planta-1. Todos os indivíduos F2 e F2RC1 foram analisados pelo teste χ² e se ajustaram à frequência esperada de 15 plantas suscetíveis 1 planta resistente a ambos os vírus. As médias das plantas F2RC1 resistentes, de cada retrocruzamento, foram comparadas com a média do seu respectivo genitor recorrente pelo teste 't' e as médias dos retrocruzamentos foram comparadas pelo teste de Scott-Knott. Foi detectada variabilidade genética entre os retrocruzamentos para todos os caracteres. Todos os retrocruzamentos foram considerados promissores para produção de cultivares essencialmente derivadas resistentes ao CPSMV e ao CABMV e as plantas selecionadas possuem características que possibilitam a seleção de linhagens com grãos de bom padrão comercial e altamente produtivas.

  14. Control of glyphosate resistant hairy fleabane (Conyza bonariensis with dicamba and 2,4-D Controle de buva (Conyza bonariensis resistente ao glyphosate com dicamba e 2,4-D

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    D.J. Soares

    2012-06-01

    Full Text Available Auxyn type herbicides such as dicamba and 2,4-D are alternative herbicides that can be used to control glyphosate-resistant hairy fleabane. With the forthcoming possibility of releasing dicamba-resistant and 2,4-D-resistant crops, use of these growth regulator herbicides will likely be an alternative that can be applied to the control of glyphosate resistant hairy fleabane (Conyza bonariensis. The objective of this research was to model the efficacy, through dose-response curves, of glyphosate, 2,4-D, isolated dicamba and glyphosatedicamba combinations to control a brazilian hairy fleabane population resistant to glyphosate. The greenhouse dose-response studies were conducted as a completely randomized experimental design, and the rates used for dose response curve construction were 0, 120, 240, 480, 720 and 960 g a.i. ha-1 for 2,4-D, dicamba and the dicamba combination, with glyphosate at 540 g a.e. ha-1. The rates for glyphosate alone were 0, 180, 360, 540, 720 and 960 g a.e. ha-1. Herbicides were applied when the plants were in a vegetative stage with 10 to 12 leaves and height between 12 and 15 cm. Hairy fleabane had low sensitivity to glyphosate, with poor control even at the 960 g a.e. ha-1 rate. Dicamba and 2,4-D were effective in controlling the studied hairy fleabane. Hairy fleabane responds differently to 2,4-D and dicamba. The combination of glyphosate and dicamba was not antagonistic to hairy fleabane control, and glyphosate may cause an additive effect on the control, despite the population resistance.Os herbicidas mimetizadores de auxinas como dicamba e 2,4-D são alternativas para o controle de buva resistente ao glyphosate. Com a possível futura liberação comercial de culturas resistentes ao dicamba e 2,4-D, a aplicação destes herbicidas reguladores de crescimento será uma provável alternativa de controle de buva resistente ao glyphosate. O objetivo desta pesquisa foi modelar por meio de curvas de dose-resposta a efic

  15. Alteração das características biológicas dos biótipos de azevém (Lolium multiflorum ocasionada pela resistência ao herbicida glyphosate Change in the biological characteristics of ryegrass (Lolium multiflorum biotypes caused by resistance to the herbicide glyphosate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L. Vargas

    2005-03-01

    Full Text Available A resistência de biótipos de azevém ao herbicida glyphosate está alterando o manejo da vegetação de cobertura do solo em pomares de maçã. O objetivo deste trabalho foi determinar a dose de glyphosate necessária para reduzir 50% do acúmulo de matéria seca (GR50, a resposta do biótipo resistente e sensível a herbicidas graminicidas e o acúmulo de matéria seca destes biótipos durante o ciclo. Para isso, foram conduzidos três experimentos. No primeiro, os tratamentos constaram de doses crescentes de glyphosate aplicadas sobre plantas dos biótipos resistente e sensível para determinar o GR50. No segundo experimento, os tratamentos constaram de doses dos herbicidas glyphosate, haloxyfop-r, diclofop, fluazifop-p, fenoxaprop-p e paraquat. No terceiro experimento, sementes dos biótipos resistente e sensível foram semeadas em recipientes com capacidade para 10 L e as plantas originadas delas foram colhidas quinzenalmente, para determinação da matéria seca da parte aérea, radicular e total. Como resultados, foi obtido GR50 de 287,5 e de 4.833,5 g e.a. ha-1 de glyphosate para os biótipos sensível e resistente, respectivamente, e verificou-se que existem diferenças significativas na resposta dos biótipos aos herbicidas graminicidas, dependendo da dose utilizada. Além disso, o biótipo sensível evidenciou maior capacidade de acúmulo de matéria seca e produção de sementes. Constatouse, assim, fator de resistência (FR de 16,8 e que o mecanismo de resistência provoca alterações nas características biológicas do biótipo resistente e afeta a sensibilidade deste aos herbicidas graminicidas.The identification of ryegrass biotypes resistant to glyphosate is causing changes in weed management in apple orchards. Three experiments were carried out to determine the GR50 of the biotypes, to grass herbicides and dry matter accumulation. The first experiment tested different rates of glyphosate. Their effects on GR50 dry matter

  16. Resistência da planta daninha capim-marmelada (Brachiaria plantaginea aos herbicidas inibidores da enzima ACCase na cultura da soja Alexandergrass (Brachiaria plantaginea resistance to ACCase inhibitor herbicides

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dionisio L. P. Gazziero

    2000-01-01

    Full Text Available Populações de capim-marmelada (Brachiaria plantaginea infestantes da cultura da soja (Glycine max (L. Merrill no município de Mangueirinha, PR, controlada, ano após ano, com herbicidas inibidores da ACCase, apresentaram falhas de controle quando esses produtos foram aplicados na safra 95/96. Experimentos de doseresposta foram conduzidos em condições de casa de vegetação do Departamento de Horticultura da Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz", Piracicaba, SP, e da Embrapa Soja, Londrina, PR, com o objetivo de confirmar essa resistência, bem como avaliar o nível de resistência e resistência cruzada a herbicidas pertencentes aos grupos químicos das ciclohexanidionas e ariloxifenoxi-propionato. Plantas de capimmarmelada supostamente resistentes foram tratadas com diversos herbicidas e doses e comparadas com plantas de uma população suscetível dessa infestante. Os tratamentos foram estabelecidos considerando-se as doses recomendadas dos produtos, metade delas e, duas, quatro e oito vezes superiores a recomendada. Os produtos e as doses aplicadas foram haloxyfopmethyl nas doses 0; 60; 120; 240; 480 e 960 g i.a./ha, mais o espalhante adesivo Joint 0,5% v/v, fluazifop-p-butil nas doses 0; 94; 188; 376; 752 e 1504 g i.a./ha, mais o espalhante adesivo Agral 0,2% v/v, sethoxydim nas doses 0; 115; 230; 460; 920 e 1840 g. Os resultados de percentagem de controle foram submetidos à análise de regressão e, através dos modelos ajustados, foram obtidos os valores de GR50 (dose necessária para proporcionar 50% de controle de cada biótipo. As relações médias de GR50 e os diferenciais de controle nas doses recomendadas dos herbicidas (S-R foram calculados. Os diferenciais de controle nas doses recomendadas (S-R foram 97 e 11; 96 e 62; 99 e 86; 0,6 e 4; 20 e 17; 88 e 35 para os herbicidas haloxyfop-methyl, fluazifop-p-butil, sethoxydim, clethodim, propaquizafop e fenoxaprop-p-ethyl nos experimentos conduzidos em Piracicaba e

  17. Resistencia a herbicidas. Glifosato

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andrea Villalba

    2009-01-01

    Full Text Available Se presenta una revisión actualizada de los mecanismos generadores de resistencia a herbicidas, en plantas, y los factores que favorecen su desarrollo. Se reúnen las especies que actualmente han sido denunciadas como resistentes a glifosato, en Argentina y el mundo. Se explica el mecanismo de acción y de desarrollo de resistencia de este xenobiótico, poniendo énfasis en las conductas preventivas.

  18. Detecção da resistência de capim-arroz (Echinochloa sp. ao herbicida quinclorac em regiões orizícolas do sul do Brasil Detection of Echinochloa sp. resistance to quinclorac in rice fields in Southern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A. Andres

    2007-03-01

    Full Text Available O monitoramento da ocorrência de plantas de capim-arroz resistentes ao herbicida quinclorac foi realizado no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina, visando determinar a origem da resistência e sua disseminação, bem como detectar práticas de manejo ou condições edafoclimáticas provavelmente envolvidas na seleção e distribuição geográfica do biótipo resistente. As sementes foram coletadas, purificadas e homogeneizadas, sendo os estudos realizados em laboratório e casa de vegetação. Em laboratório, foi conduzido teste de germinação padrão, embebendo as sementes dos biótipos nas doses de 0x, 1x, 2x, 6x, 16x e 32x a concentração recomendada de quinclorac (375 g ha-1, sendo avaliadas a curva de germinação e a porcentagem de controle aos 14 dias após semeadura (DAS; em casa de vegetação, foram utilizadas as mesmas doses, aspergidas sobre as plantas aos 20 dias após a emergência (DAE, com as plantas no estádio de quatro folhas a um perfilho. Foram avaliadas a porcentagem de controle e a massa seca aos 35 DAE; biótipos com coeficiente de resistência (RI superior a quatro foram considerados resistentes. Neste estudo foram encontradas sementes de capim-arroz resistentes ao herbicida quinclorac. Elaborou-se mapa de distribuição dos biótipos resistentes nas áreas amostradas dos Estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. O herbicida profoxydim é alternativa de controle dos biótipos de capim-arroz resistentes a quinclorac.The monitoring of Echinochloa sp. plants resistant to quinclorac was conducted in Rio Grande do Sul and Santa Catarina, Brazil to determine the origin of resistance and its dissemination, as well as to detect practices or climatic conditions related to the selection and geographic distribution of the resistant biotype. The seeds were collected, purified and standardized, and trials conducted under growth chamber and greenhouse conditions. In the growth chamber, a standard germination test was

  19. Características micromorfológicas de biótipos de capim-arroz resistente e suscetível ao quinclorac.

    OpenAIRE

    FERREIRA, E. A.; CONCENÇO, G.; GALON, L.; DELGADO, M. N.; ASPIAZÚ, I.; SILVA, A. F. da; FERREIRA, F. A.; MEIRA, R. M. S. A.

    2012-01-01

    O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito do quinclorac nas características anatômicas de folhas e raízes de biótipos de capim‑arroz (Echinochloa spp.), resistente e suscetível a este herbicida, por meio de avaliações micromorfométricas. As plantas foram cultivadas em vasos de plástico com capacidade de 250 cm³. As imagens dos cortes foram obtidas com microscópio de luz equipado com sistema U‑Photo, acoplado à câmera digital conectada a microcomputador. Na seção transversal da lâmina fol...

  20. Distância genética e geográfica entre acessos de picão-preto suscetíveis e resistentes a herbicidas inibidores da acetolactato sintase Genetic and geographic distance among beggar-ticks accesses susceptible and resistant to acetolactate sintase herbicide inhibitors

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabiane Pinto Lamego

    2006-06-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar o grau de similaridade genética entre acessos de picão-preto, suscetíveis e resistentes aos herbicidas inibidores da enzima acetolactato sintase (ALS e a relação entre similaridade genética e distância geográfica desses acessos. Sementes dos acessos foram coletadas no Estado do Paraná e cultivadas em casa de vegetação, na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, em outubro de 2004. Depois da confirmação da resistência ou suscetibilidade dos acessos aos inibidores da enzima ALS, realizou-se a extração de DNA. Por meio da técnica de RAPD, foi possível avaliar a similaridade genética entre os acessos de picão-preto. Na análise conjunta dos acessos, dos 20 iniciadores utilizados, 17 apresentaram-se polimórficos, amplificando um total de 94 bandas. A similaridade genética média foi baixa e equivalente a 37%. A análise de regressão evidenciou que não há relação entre distância genética e geográfica nos acessos de picão-preto avaliados. A baixa similaridade geral entre esses acessos evidencia que a resistência aos herbicidas na região se configura pela seleção de indivíduos resistentes preexistentes na população.The objective of this work was to evaluate the degree of genetic similarity among beggar-ticks accesses, susceptible and resistant to acetolactate sintase (ALS herbicide inhibitors and the relationship among the genetic similarity and geographic distance of this accesses. Beggar-ticks seeds were sampled at Paraná state and were grown in the greenhouse at Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, Brazil, in October 2004. After the confirmation of resistance or susceptibility to ALS inhibitors herbicides, the DNA extraction was performed. Through RAPD analysis, it was possible to evaluate the genetic similarity among beggar-ticks accesses. In the whole analysis of the accesses, from 20 primers assessed, only 17 displayed

  1. Macroprolactinoma resistente aos agonistas dopaminérgicos: relato de caso Macroprolactinoma resistant to dopamine agonists: a case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosana Maria dos Reis

    2004-09-01

    Full Text Available Os macroprolactinomas são tumores benignos hipofisários, secretores de prolactina, manifestando-se com amenorréia, galactorréia e disfunção gonadal. O tratamento de primeira escolha é clínico, com agonistas dopaminérgicos. O tratamento cirúrgico é reservado para os raros casos que não respondem ao tratamento clínico, intolerância à medicação ou nos casos agudos quando ocorre a hemorragia intra-tumoral. Descrevemos o caso de uma paciente portadora de macroprolactinoma submetida a duas ressecções cirúrgicas e resistente ao tratamento clínico, com evolução não usual.Macroprolactinomas are benign prolactin-secreting pituitary tumors, causing amenorrhea, galactorrhea and gonadal dysfunction. Clinical treatment with dopamine agonists is the first-choice therapy. Surgery is indicated for the rare cases that are resistant to clinical treatment, when there is intolerance to the medication, or intratumoral hemorrhage is detected. We describe the case of a female patient with macroprolactinoma submitted to two surgical procedures and resistant to clinical treatment, with unusual evolution.

  2. Eficácia do sulfato de aminosidine na leishmaniose visceral grave, resistente ao tratamento com antimonial pentavalente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cleudson Castro

    1995-09-01

    Full Text Available Descreve-se um caso de calazar grave resistente a dez cursos de antimonial petitavalente (glucantime à base de 20mg de Sb5/kg/dia, que respondeu favoravelmente ao sulfato de aminosidine intramuscular na dose de 20mg/kg/dia por 20 dias, repetido após 20 dias. O parasitismo esplénico passou de 50 parasitos por campo a 3 parasitos em 10 campos logo após a primeira série de sulfato de aminosidine, tornando-se negativo depois de sete meses. A melhora clínica foi imediata, com redução gradual da hepatoesplenomegalia, e desaparecimento 26 meses após. Neste período aumentou 13 kg. Após o uso de aminosidine a reação de Monténégro tornou-se positiva e as células mononucleares responderam quando estimuladas com antígenos de leishmânia.A grave kala-azar infection in a 14 years old boy is described. The leishmanial infection failed to respond to ten interrupted courses of glucantime of variable duration (14-56 days at a dose of 20mg Sb5/kg/day. However a favorable response ocurred to intramuscular aminosidine sulphate (20mg/kg/day for 20 days. This same regimen was repeated 20 days later. After the first treatment splenic puncture parasite density fell from 50 amastigotes per oil immersion field to 3 amastigotes in 10 fields. A further splenic puncture 7 months after treatment was negative. The marked hepatoesplenomegaly gradually resolved over 26 months follow up and he gained 13 kilogramas in weight. After aminosidine sulphate therapy his Montenegro reaction become positive and his lymphocytes responded to leishmania antigens.

  3. Ação de herbicidas sobre mecanismos de defesa das plantas aos patógenos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rizzardi Mauro Antônio

    2003-01-01

    Full Text Available As plantas necessitam defender-se continuamente do ataque de agentes biológicos e de estresses do ambiente. A imobilidade e a falta de sistema imunológico, como ocorre em animais, fizeram com que as plantas desenvolvessem mecanismos de defesa, em que cada célula possui tanto capacidade de defesa induzida quanto pré-formada. No entanto, esses mecanismos podem ser influenciados pelo uso de herbicidas. A presente revisão objetivou apresentar os efeitos de herbicidas em mecanismos de defesa das plantas contra patógenos, bem como analisar as possíveis conseqüências desse conhecimento no manejo de plantas daninhas e de culturas. Alguns herbicidas influenciam a severidade de doenças, induzindo ou inibindo a síntese de fitoalexinas. Herbicidas do grupo químico difeniléteres geram espécies reativas de oxigênio, as quais mediam a ativação de genes de defesa responsáveis pela síntese de fitoalexinas e também por reação de hipersensibilidade. O uso de subdoses de glyphosate ocasiona efeito contrário, diminuindo a produção de fitoalexinas e aumentando a severidade de doenças. A constatação desses efeitos requer a adoção de estratégias de manejo que minimizem seus impactos negativos ou que se beneficiem desses efeitos, como pode ocorrer quando do uso de bioherbicidas.

  4. Variabilidade genética e sensibilidade de acessos de Pistia stratiotes ao herbicida glyphosate Genetic variability and sensitivity of Pistia stratiotes accesses to glyphosate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    E.A.S. Cícero

    2007-09-01

    Full Text Available A alface-d'água (Pistia stratiotes é uma das principais entre as macrófitas aquáticas que causam problemas em corpos hídricos no Brasil e são consideradas como plantas daninhas. O presente trabalho foi realizado com os objetivos de conhecer melhor a variabilidade genética dessa macrófita e relacionar essa variabilidade com a resposta à aplicação do herbicida glyphosate. Para isso, foram coletados indivíduos em 12 corpos hídricos em diferentes cidades do território nacional (Americana, Cambaratiba, Curitiba, Itapura, Jaboticabal, Lagoa Santa, Piraí, Rio Grande, Rubinéia, Salto Grande, Santa Gertrudes e Três Lagoas. Os acessos foram caracterizados pelo uso de marcadores RAPD (DNA Polimórfico Amplificado ao Acaso, que permitiram, com o auxílio de iniciadores aleatórios, a caracterização dos locos polimórficos identificados por uma matriz de ausência e presença de bandas. Utilizando essa matriz, a análise de agrupamento permitiu nítida classificação dos acessos em três grupos com diferenças genéticas entre eles. Um ensaio de controle químico, com plantas mantidas em vasos plásticos (5 L e pulverizadas com o herbicida glyphosate nas concentrações de 0,0, 0,6, 1,2, 1,8 e 2,4 kg ha-1, identificou, utilizando avaliações aos 7, 14 e 21 dias após aplicação, que as duas maiores doses promoveram melhor efeito herbicida. Foi verificado também que os acessos de Curitiba e Cambaratiba apresentaram menor suscetibilidade ao herbicida glyphosate. Não houve correspondência entre a estrutura de grupos dos acessos pela análise multivariada de agrupamento com a técnica RAPD e a suscetibilidade da alface-d'água ao glyphosate.Water lettuce (Pistia stratiotes is one the most important macrophytes, classified as weed and causing serious problems in watercourses in Brazil. The aim of this research was to evaluate the genetic variability of water lettuce and its relationship with this plant's susceptibility to glyphosate

  5. Fenologia da trapoeraba como indicador para tolerância ao herbicida glyphosate Phenology of bengal dayflower as indicator of glyphosate tolerance

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.C.R Dias

    2013-03-01

    Full Text Available Rotineiramente, tem sido desconsiderada a contribuição do estádio de desenvolvimento das espécies de plantas daninhas nas análises de tolerância ou resistência a herbicidas, o que pode resultar em divergências entre a pesquisa teórica e a aplicação prática dos dados. Nesse sentido, este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de avaliar a resposta biológica da trapoeraba (Commelina benghalensis, comparativamente ao capim-marmelada (Brachiaria plantaginea, a aplicações de doses do herbicida glyphosate, em seis estádios fenológicos. Dois experimentos foram desenvolvidos em casa de vegetação, submetendo-se plantas de trapoeraba e capim-marmelada ao esquema fatorial de tratamentos 9 x 6, em que nove foram as doses de glyphosate e seis foram os estádios fenológicos das plantas daninhas, variáveis entre a emissão da primeira folha definitiva e o início do florescimento. Por meio do emprego de curvas de dose-resposta e de regressões polinomiais, concluiu-se que o estádio de desenvolvimento da trapoeraba contribui significativamente para o grau de tolerância da espécie ao herbicida glyphosate, de modo que, comparativamente ao capim-marmelada, plantas de trapoeraba tornam-se quatro vezes mais tolerantes ao glyphosate a cada dez unidades de desenvolvimento fenológico na escala BBCH. Essas considerações possuem importante aplicabilidade prática, justificando medidas de controle químico em estádios iniciais do crescimento da trapoeraba.The importance of the phenological development of weeds has been frequently ignored when analyzing plant-herbicide tolerance or resistance, what may result on divergences between theoretical research and practical data application. Thus, this work was carried out to evaluate the biological response of Bengal dayflower (Commelina benghalensis, comparatively to alexandergrass (Brachiaria plantaginea, to the application of different rates of glyphosate, at six phenological stages. Two

  6. Competitividade de biótipos de capim-arroz resistente e suscetível ao quinclorac Competitiveness of echinochloa biotypes resistant and susceptible to quinclorac

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    G. Concenço

    2008-03-01

    Full Text Available Objetivou-se com este trabalho avaliar a competitividade de dois biótipos de capim-arroz, resistente e suscetível ao quinclorac, coletados em regiões orizícolas do Estado de Santa Catarina. O experimento foi instalado em ambiente protegido, e os tratamentos constaram de diferentes densidades de plantas dos biótipos de capim-arroz comprovadamente resistente (ITJ-13 e suscetível (ITJ-17 ao quinclorac, oriundos da região arrozeira de Itajaí/SC. No centro da unidade experimental, foram semeadas três sementes do biótipo de capim-arroz, considerado como o tratamento da unidade experimental. Na periferia foram semeadas dez sementes do biótipo oposto ao do tratamento (central. Dez dias após a germinação foi efetuado o desbaste, deixando-se apenas uma planta no centro da unidade experimental e um número variável de plantas do biótipo oposto, de acordo com o tratamento (0, 1, 2, 3, 4 ou 5 plantas por vaso. O delineamento experimental utilizado foi o completamente casualizado, em esquema fatorial 2 x 6, com quatro repetições. Aos 40 dias após a emergência, foram avaliados altura de plantas, número de afilhos e de folhas, área foliar, massa fresca e seca e conteúdo de água de colmos e folhas. Os dados foram analisados pelo teste F, sendo efetuado teste de Duncan para comparar o efeito de densidade de plantas e teste da Diferença Mínima Significativa (DMS para avaliar diferenças entre os biótipos resistente e suscetível, além de correlação linear simples entre as variáveis avaliadas. Nas análises, utilizou-se o nível de 5% de probabilidade. Os biótipos estudados de capim-arroz resistente e suscetível ao quinclorac são similares quando sob alta intensidade de competição, com vantagem em algumas variáveis para o biótipo suscetível sob baixa ou moderada intensidade competitiva.The objective of this research was to evaluate the competitive potential of two Echinochloa sp. biotypes, resistant and susceptible to

  7. A Modified phosphate-carrier protein theory is proposed as a non-target site mechanism For glyphosate resistance in weeds Teoria das proteínas carregadoras fosfato modificadas proposta como mecanismo de resistência ao herbicida glyphosate em plantas daninhas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.C. Roso

    2010-01-01

    Full Text Available Glyphosate is an herbicide that inhibits the enzyme 5-enolpyruvyl-shikimate-3-phosphate synthase (EPSPs (EC 2.5.1.19. EPSPs is the sixth enzyme of the shikimate pathway, by which plants synthesize the aromatic amino acids phenylalanine, tyrosine, and tryptophan and many compounds used in secondary metabolism pathways. About fifteen years ago it was hypothesized that it was unlikely weeds would evolve resistance to this herbicide because of the limited degree of glyphosate metabolism observed in plants, the low resistance level attained to EPSPs gene overexpression, and because of the lower fitness in plants with an altered EPSPs enzyme. However, today 20 weed species have been described with glyphosate resistant biotypes that are found in all five continents of the world and exploit several different resistant mechanisms. The survival and adaptation of these glyphosate resistant weeds are related toresistance mechanisms that occur in plants selected through the intense selection pressure from repeated and exclusive use of glyphosate as the only control measure. In this paper the physiological, biochemical, and genetic basis of glyphosate resistance mechanisms in weed species are reviewed and a novel and innovative theory that integrates all the mechanisms of non-target site glyphosate resistance in plants is presented.Glyphosate é uma glicina fosfonada e inibe a enzima 5-enolpiruvil-shikimato-3-fosfato sintase (EPSPS (EC 2.5.1.19. EPSPS é a sexta enzima da rota do shikimato, na qual são sintetizados os compostos do metabolismo secundário e os aminoácidos aromáticos fenilalanina, tirosina e triptofano. Alguns autores hipotetizaram que seria improvável a evolução de plantas daninhas resistentes a este herbicida. As justificativas estariam relacionadas à limitada metabolização de glyphosate nas plantas, ao baixo nível de resistência obtido com a superexpressão do gene EPSPS e à alta penalidade de adaptação oriunda de mutações no

  8. Seleção de linhagens de melancia resistentes ao Watermelon mosaic virus e ao Papaya ringspot virus Selection of resistant watermelon lines to Watermelon mosaic virus and Papaya ringspot virus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Evando Aguiar Beserra Júnior

    2007-10-01

    Full Text Available Foram avaliadas 20 linhagens de melancia, provenientes do cruzamento da cultivar comercial suscetível Crimson Sweet e da introdução PI 595201 resistente ao Watermelon mosaic virus (WMV e Papaya ringspot virus (PRSV-W. As linhagens, e os parentais foram inoculados com o WMV ou com o PRSV-W em casa-de-vegetação distintas. Aos 35 e 49 dias após a primeira inoculação (DAI, as plantas foram avaliadas por meio de uma escala de notas, em que 1 (ausência de sintomas a 5 (intenso mosaico e deformações foliares. Pelos resultados infere-se que, aos 35 DAI, as linhagens 1, 2 e 20 apresentaram resistência tanto para o WMV como para o PRSV-W, com médias de 1,95, 1,80 e 2,25 para o WMV, e de 2,50, 2,30 e 2,50 para o PRSV-W, respectivamente. As linhagens 5, 7 e 13 foram resistentes somente ao WMV e as plantas das linhagens 3, 10 e 18 para o PRSV-W. A reação das linhagens permaneceu em geral pouco alterada aos 49 DAI. A existência de linhagens resistentes somente ao WMV e somente ao PRSV-W, ao lado de linhagens resistentes a ambos os vírus, é indicativo de que as resistências ao WMV e ao PRSV-W não são controladas pelos mesmos genes.Twenty advanced watermelon breeding lines, derived from the cross between cv. Crimson Sweet (susceptible and PI 595201 (resistant to WMV and PRSV-W, were screened for resistance to both potyviruses. The twenty lines, among with Crimson Sweet and PI 595201, were inoculated with either WMV or PRSV-W, in two different greenhouse trials. Plants were evaluated for symptoms 35 and 49 days after the first inoculation (DAI, using a scale from 1 (no symptoms to 5 (severe mosaic and foliar distortion. Evaluations at 35 DAI indicated that lines 1, 2 and 20 had good levels of resistance to both WMV and PRSV-W, with ratings of 1,95, 1,80 and 2,25 for WMV, and of 2,50, 2,30 and 2,50 for PRSV-W, respectively. Lines 5, 7 and 13 were resistant to WMV only, whereas lines 3, 10 and 18 were resistant to PRSV-W only. The reaction of

  9. Ensaio terapêutico com glucantime em sagüis (Callithrix jacchus infectados com uma cepa de Leishmania donovani aparentemente resistente ao tratamento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R. Dietze

    1985-03-01

    Full Text Available Os autores relatam o resultado de um ensaio terapêutico em sagüis com uma cepa de Leishmania donovani isolada de um caso humano fatal de calazar, clinicamente resistente aos antimoniais (Glucantime e Pentostam, Anfotericina B ePentamidina. Os testes cutâneos realizados no paciente para avaliação da imunidade celular foram negativos à exceção do DNCB a 2%. Quatro sangüis adultos (Callithrix jacchus foram inoculados por via intraperitoneal com uma suspensão deformas amastigotas de L. donovani. Duzentos e dez dias após, todos os animais mostravam formas amastigotas do protozoário, evidenciadas através de punção hepática por aspiração. Iniciou-se então um esquema terapêutico com glucantime (28 mgSb v/kg/dia em três séries de 10 dias com cinco dias de intervalo entre elas em três dosprimatas,ficando o quarto animal como controle. Nos três animais tratados houve curaparasitológica da doença, o mesmo não ocorrehdo com o controle. O fato de a amostra de L. donovani ter sido, no paciente, resistente aos vários tratamentos e ter sido sensível em modelo experimental à terapêutica com glucantime, sugere a possibilidade de que fatores imunológicos do paciente possam ter contribuído para a evolução fatal da doença.

  10. Prazosina de liberação lenta para pacientes com transtorno do estresse pós-traumático resistentes aos ISRS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Felipe Pagotto

    2012-01-01

    Full Text Available CONTEXTO: Prazosina, um antagonista de receptores alfa-1 adrenérgicos, é utilizada no tratamento de pesadelos e insônia relacionados com TEPT. Apesar das evidências sugerindo sua eficácia também no tratamento de sintomas gerais de TEPT, sua curta meia-vida (2-3 horas pode limitar seus efeitos terapêuticos. OBJETIVO: Descrever quatro casos de pacientes com TEPT resistentes aos inibidores de recaptação de serotonina ou de serotonina e adrenalina (terapia convencional tratados com uma apresentação de prazosina de liberação lenta. MÉTODOS: Quatro pacientes com TEPT grave, resistentes à terapia convencional, tiveram a prazosina de liberação lenta (meia-vida de 10,8 horas adicionada as suas prescrições por pelo menos três meses. Os sintomas de TEPT foram avaliados pela PCL-C e pelos itens referentes a pesadelos e insônia da CAPS, na linha de base e no final do período de observação de cada paciente. RESULTADOS: Dois pacientes mostraram melhora dos sintomas gerais de TEPT (redução de 35,7% e 11,9% nos escores da PCL-C, e três mostraram melhora de pesadelos e insônia (nos escores da CAPS. O único paciente que recebeu doses da prazosina pela manhã e ao deitar-se foi o que mostrou a maior melhora dos sintomas gerais de TEPT. CONCLUSÃO: Possivelmente, a sustentação do bloqueio da atividade noradrenérgica no sistema nervoso central promovida pela prazosina de liberação lenta durante o dia se faz necessária para a melhora de sintomas residuais de TEPT em pacientes em tratamento convencional com antidepressivos.

  11. Crescimento de raízes de biótipos de capim-arroz resistente e suscetível ao quinclorac em competição Root growth of Echinochloa biotypes resistant and susceptible to quinclorac under competition

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L.O.B. Schuch

    2008-01-01

    Full Text Available Objetivou-se com este trabalho avaliar o potencial competitivo de biótipos de capim-arroz resistente e suscetível ao quinclorac no ambiente do solo, como forma de inferir qual deles possui maior potencial de extração de recursos. O experimento foi instalado em casa de vegetação, constando de diferentes populações de plantas dos biótipos de capim-arroz resistente (R e suscetível (S ao herbicida quinclorac, oriundos da região arrozeira de Itajaí/SC. Foi estabelecida uma planta do biótipo de capim-arroz considerado como tratamento, no centro da unidade experimental; na periferia, foram semeadas dez sementes do biótipo oposto ao do tratamento central, sendo posteriormente estabelecido o número de plantas de acordo com o tratamento (0, 1, 2, 3, 4 ou 5 plantas. O delineamento experimental foi o completamente casualizado, em esquema fatorial 2 x 6, com quatro repetições. Aos 40 DAE, foram avaliados o comprimento, volume, massa fresca, massa seca e conteúdo de água das raízes das plantas. Os dados obtidos foram submetidos à análise de variância e, em caso de significância, efetuou-se o teste de Duncan, para avaliar o efeito do aumento na população de plantas, e o teste da Diferença Mínima Significativa (DMS, para avaliar diferenças entre biótipo resistente e suscetível, além da matriz de correlação. A imposição de competição no ambiente das raízes pode afetar mais o biótipo resistente ao quinclorac que o suscetível, sendo esta característica essencial para a sobrevivência do biótipo, principalmente sob escassez do recurso.The objective of this work was to evaluate the competitive potential of Echinochloa plants resistant and susceptible to quinclorac in the soil, to evaluate whether there are potential differences in extracting nutrients from the soil. The trial was carried out under greenhouse conditions. The treatments consisted of amounts of Echinochloa plants resistant or susceptible to quinclorac. At the

  12. Seleção de genótipos de feijoeiro Phaseolus vulgaris (L.) (Leguminosae) resistentes aos carunchos Acanthoscelides obtectus (Boh.) e Zabrotes subfasciatus (Say) (Coleoptera: Bruchidae) e o seu uso associado com inseticidas botânicos

    OpenAIRE

    Élio César Guzzo

    2008-01-01

    Este estudo foi realizado com o objetivo de identificar genótipos de feijão Phaseolus vulgaris resistentes aos carunchos Acanthoscelides obtectus e Zabrotes subfasciatus, bem como avaliar o efeito associado desses genótipos resistentes com inseticidas de origem vegetal. Para tanto, foram utilizados acessos de P. vulgaris do Banco de Germoplasma do Instituto Agronômico de Campinas e inseticidas comerciais de origem botânica. No screening inicial, amostras dos genótipos foram infestadas com cad...

  13. Fatores de virulência de isolados de Candida de pacientes imunocomprometidos. Caracterização molecular de Candida albicans suscetíveis e resistentes ao fluconazol

    OpenAIRE

    Costa,Carolina Rodrigues

    2009-01-01

    A capacidade de aderência ao tecido do hospedeiro, a produção de exoenzimas, a resistência aos antifúngicos e a formação de hifas são fatores que podem interferir no processo infeccioso causado por Candida. Resistência aos derivados azólicos utilizados no tratamento de candidíase, tem sido observada em pacientes imunocomprometidos. Tipagem molecular como o RAPD-PCR tem sido utilizada para discriminação entre isolados de Candida spp suscetíveis e resistentes aos antifúngicos. Neste trabalho fo...

  14. Tolerância de cultivares de arroz irrigado (Oryza sativa ao herbicida nicosulfuron e à mistura formulada de imazethapyr + imazapic Tolerance of rice (Oryza sativa cultivars to nicosulfuron and to the formulated mixture imazethapyr + imazapic

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L.C. Fontona

    2007-12-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi avaliar a tolerância de cultivares de arroz irrigado ao herbicida nicosulfuron e à mistura formulada de imazethapyr + imazapic. Para isso, foram conduzidos experimentos em casa de vegetação da Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel (UFPel, no município de Capão do Leão (RS. Os tratamentos constaram de dois cultivares de arroz irrigado (IRGA 417 e IRGA 422CL e de sete doses dos herbicidas imazethapyr + imazapic e nicosulfuron, aplicados em arroz (estádios de desenvolvimento V2 ou V4. As variáveis analisadas foram fitotoxicidade dos herbicidas, estatura de planta, massa seca da parte aérea e área foliar. Houve interações significativas entre os fatores estudados para as variáveis-respostas avaliadas. Incrementos nas doses dos herbicidas resultaram em respostas crescentes de fitotoxicidade ao arroz, resultando em redução no crescimento das plantas. O cultivar IRGA 417 foi suscetível à ação dos herbicidas. Por sua vez, a tolerância do cultivar IRGA 422CL não é restrita à mistura formulada de imazethapyr + imazapic, ocorrendo também para o herbicida nicosulfuron.The objective of this study was to evaluate the tolerance of rice cultivars to the formulated mixture of nicosulfuron and imazethapyr + imazapic. Greenhouse experiments were carried out at the Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel (UFPel in Capão do Leão (RS. The treatments consisted of two rice cultivars ('IRGA 417' and 'IRGA 422CL' and seven rates of the herbicides imazethapyr + imazapic and nicosulfuron, applied on rice (stages V2 or V4. The variables evaluated were herbicide injury, plant height, shoot dry biomass and leaf area. Significant interactions were found among the factors tested for the response-variables evaluated. Increased herbicide rates resulted in increased rice injury responses leading to decreases in plant height, biomass, and leaf area. 'IRGA 417' cultivar was susceptible to the herbicides. On the other hand, the

  15. Suscetibilidade diferencial de plantas daninhas do gênero Amaranthus aos herbicidas trifloxysulfuron-sodium e chlorimuron-ethyl Differential susceptibility of Amaranthus genus weed species to the herbicides trifloxysulfuron-sodium and chlorimuron-ethyl

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    S.J.P. Carvalho

    2006-09-01

    Full Text Available Este trabalho teve por objetivo avaliar a suscetibilidade de cinco espécies de plantas daninhas do gênero Amaranthus a herbicidas aplicados em pós-emergência. As espécies avaliadas foram: A. deflexus (caruru-rasteiro, A. hybridus (caruru-roxo, A. retroflexus (caruru-gigante, A. spinosus (caruru-de-espinho e A. viridis (caruru-de-mancha. O trabalho foi dividido em duas fases. Na primeira, as espécies de plantas daninhas foram submetidas à aplicação de 12 tratamentos herbicidas em pós-emergência. Na segunda, os herbicidas trifloxysulfuron-sodium e chlorimuron-ethyl foram avaliados com a metodologia de curvas de dose-resposta, repetida duas vezes. Os herbicidas foram aplicados sobre plantas com 5-6 folhas e as doses utilizadas na segunda fase foram: 16D, 4D, D, 1/4D, 1/16D, 1/64D e ausência do produto, em que D é a dose recomendada de cada herbicida. As doses utilizadas (D foram de 3,75 e 7,5 g ha-1 para o herbicida trifloxysulfuron e 12,5 e 17,5 g ha-1 para chlorimuron, na primeira e na segunda condução, respectivamente. Na primeira fase, foram avaliados o controle percentual e a massa seca das parcelas aos 20 dias após a aplicação (DAA; na segunda, avaliou-se o controle percentual aos 20 DAA. As espécies de Amaranthus avaliadas neste trabalho apresentaram diferenças de suscetibilidade aos herbicidas aplicados em pósemergência, principalmente ao trifloxysulfuron e ao chlorimuron, em que A. deflexus foi a espécie menos suscetível, seguido por A. spinosus, A. viridis, A. hybridus e A. retroflexus.This work aimed to evaluate the susceptibility of five Amaranthus genus weed species to herbicides applied post-emergence. The species evaluated were: A. deflexus, A. hybridus, A. retroflexus, A. spinosus and A. viridis. The work was divided into two phases. In the first phase, weed species were submitted to post-emergence application of 12 herbicide treatments. In the second phase, the herbicides trifloxysulfuron-sodium and

  16. Influência do Glyphosate sobre a nodulação e o crescimento de cultivares de soja resistente ao Glyphosate Glyphosate influence on growth and nodulation of Glyphosate resistant soybean cultivars

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R.S. Oliveira JR.

    2008-01-01

    Full Text Available A soja resistente ao glyphosate (RR é uma tecnologia que vem acrescentar mais uma ferramenta ao manejo de plantas daninhas para essa cultura, que possui a maior área plantada em nosso país. Por se tratar de uma técnica recente tanto no Brasil quanto no mundo, é preciso estudos buscando informações para o uso correto desta importante e cada vez mais freqüente prática agrícola: o cultivo de soja transgênica. Objetivou-se com este trabalho avaliar os efeitos causados pelas aplicações de glyphosate sobre 20 cultivares de soja RR. As doses utilizadas foram: testemunha sem herbicida; glyphosate em aplicação seqüencial de 0,54/0,36 kg equivalente ácido (e.a. ha-1, aos 12/24 dias após a emergência (DAE; glyphosate em aplicação única de 0,72 kg e.a. ha-1, aos 20 DAE; glyphosate em aplicação seqüencial de 0,72/0,54 kg ha-1, aos 12/24 DAE; e glyphosate em aplicação única de 0,90 kg ha-1, aos 24 DAE. Foram avaliadas as variáveis matéria seca do sistema radicular (MSSR, matéria seca da parte aérea (MSPA, matéria seca dos nódulos acumulados (MSNT e número de nódulos acumulados (NN. Os cultivares que demonstraram maior suscetibilidade às aplicações de glyphosate foram: MSOY 8008 RR, ANTA RR, CD 213 RR, MSOY 8100 RR, VALIOSA RR, CD 219 RR, MSOY 6001 RR, CRISTALINA RR e BRS 247 RR, apresentando reduções de pelo menos três das quatro variáveis estudadas. BRS 242 RR, BRS 243 RR, BRS 244 RR, BRS 246 RR, CD 214 RR, MSOY 8151 RR, MSOY 9000 RR e BRS 245 RR foram as mais tolerantes, pois não sofreram reduções significativas em nenhuma ou em uma das variáveis avaliadas. De modo geral, a MSSR foi mais afetada pela modalidade de aplicação do que pela dose de glyphosate; por outro lado, a MSPA e a nodulação foram mais afetadas em cultivares de ciclo mais longo, em relação às variedades de ciclo precoce. A nodulação também foi menos afetada pelo glyphosate em variedades do grupo BRS, comparada aos demais materiais gen

  17. Suscetibilidade de Ipomoea quamoclit, I. triloba e Merremia cissoides aos herbicidas Sulfentrazone e amicarbazone Susceptibility of Ipomoea quamoclit, I. triloba and Merremia cissoides to the Herbicides Sulfentrazone and Amicarbazone

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L.H.F. Campos

    2009-01-01

    Full Text Available A suscetibilidade diferencial de espécies de plantas daninhas a herbicidas é uma importante variável que deve ser considerada na escolha do herbicida e dose a serem aplicados. Assim, dois experimentos foram desenvolvidos com o objetivo de avaliar a suscetibilidade de três espécies de plantas daninhas da família Convolvulaceae (Ipomoea quamoclit, I. triloba e Merremia cissoides aos herbicidas sulfentrazone e amicarbazone, por meio de curvas de dose-resposta. Os experimentos foram instalados em área com solo argiloso, onde foram aplicadas oito doses de cada herbicida, em pré-emergência. As doses utilizadas foram 8D, 4D, 2D, D, 1/2D, 1/4D, 1/8D e testemunha sem aplicação, sendo D a dose recomendada de sulfentrazone (600 g ha-1 ou de amicarbazone (980 g ha-1. As doses recomendadas de ambos os herbicidas foram eficazes para controlar as três plantas daninhas nas avaliações realizadas até os 60 dias após aplicação. Observou-se suscetibilidade diferencial entre as espécies estudadas, em que I. quamoclit foi a mais sensível. As ordens de suscetibilidade das espécies aos herbicidas foram: I. quamoclit > M. cissoides > I. triloba para o sulfentrazone; e I. quamoclit > I. triloba > M. cissoides para o amicarbazone. Os níveis de controle indicam a viabilidade de aplicação de sulfentrazone e amicarbazone em pré-emergência para controle dessas espécies de plantas daninhas da família Convolvulaceae.Differential susceptibility of weed species to herbicides is an important variable that must be considered when choosing the herbicide and rate to be applied. Thus, two experiments were carried out with the objective of evaluating the susceptibility of three weed species of the Convolvulaceae family (Ipomoea quamoclit, I. triloba and Merremia cissoides to the herbicides sulfentrazone and amicarbazone, using dose-response curves. Trials were installed in an area with clay soil, where eight rates of each herbicide were applied, in pre

  18. Seletividade de herbicidas registrados para a cultura do milho aos estádios imaturos de Trichogramma pretiosum (Hymenoptera: Trichogrammatidae Selectivity of herbicides registered for corn at the immature stages of Trichogramma pretio sum (Hymenoptera: Trichogrammatidae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    G.J Stefanello Jr

    2011-01-01

    Full Text Available O controle químico tem sido um dos métodos mais utilizados para o manejo de plantas daninhas na cultura do milho, no entanto o uso de herbicidas pode ocasionar efeitos adversos aos insetos benéficos, como os parasitoides de ovos. Nesse sentido, foi avaliada a seletividade de 12 herbicidas registrados para a cultura do milho para as fases imaturas de Trichogramma pretiosum em condições de laboratório (temperatura de 25±1 ºC, umidade relativa de 70±10% e fotofase de 14 horas. Os herbicidas foram diluídos em um volume proporcional a 200 L de água por hectare e pulverizados sobre ovos de lepidóptero contendo formas imaturas do parasitoide em seu interior, nas fases de ovo-larva, pré-pupa e pupa. Avaliou-se, então, a porcentagem de emergência dos parasitoides e, em função da comparação com a testemunha, classificaram-se os herbicidas em inócuo (classe 1, 99%. Os herbicidas Agrisato 480 SL, Finale, Glifos, Glifosato Nortox, Gliz 480 SL, Polaris, Roundup Original, Roundup Transorb, Roundup WG, Trop e Zapp Qi foram inócuos (classe 1 às diferentes fases imaturas de T. pretiosum e são considerados seletivos ao parasitoide. Gramoxone 200, embora tenha sido inócuo para as fases de ovo-larva e pré-pupa, foi considerado levemente nocivo (classe 2 para a fase de pupa. Nesse sentido, para melhor compatibilização do manejo químico das plantas daninhas e controle biológico de insetos, sugere-se que sejam utilizados, sempre que possível, aqueles herbicidas que permitem maior sobrevivência de T. pretiosum.- Chemical control has been one of the most widely used methods for weed mana gement in corn. However, the use of herbicides can cause adverse effects on beneficial insects, such as egg parasitoids. Thus, this work aimed to evaluate the selectivity of 12 herbicides regis tered for corn at the immature stages of Trichogramma pretiosum Riley, 1879 (Hymenoptera: Trichogrammatidae under laboratory conditions (temperature 25±1 o C

  19. Molecular analysis and dimorphism of azole-susceptible and resistant Candida albicans isolates Análise molecular e dimorfismo de isolados de Candida albicans suscetíveis e resistentes aos azólicos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina Rodrigues Costa

    2011-12-01

    estudo, os efeitos de agentes antifúngicos como o fluconazol e o itraconazol sobre a formação de hifas e caracterização genotípica de isolados de C. albicans suscetíveis ou resistentes foram investigados. MÉTODOS: A produção de hifas de cinco isolados de C. albicans, sob a ação de antifúngicos foi investigada pelo cultivo da levedura em meios de crescimento e de indução de hifas. A caracterização genotípica foi realizada para 13 isolados de C. albicans pelo método de RAPD-PCR. RESULTADOS: A análise do dimorfismo mostrou que a formação de hifas foi maior nos isolados resistentes do que nos suscetíveis aos antifúngicos. O método de RAPD-PCR identificou a formação de dois diferentes grupos. No grupo A, foram agrupados quatro isolados resistentes e dois suscetíveis e no grupo B um resistente e seis suscetíveis. CONCLUSÕES: Considerando que a formação hifal foi maior em isolados resistentes na presença de azólicos, concluimos que a produção hifal está muito relacionada a suscetibilidade a estes fámacos. Estes antifúngicos podem alterar a morfologia de C. albicans em dependência da sua suscetibilidade. No método de RAPD-PCR, o encontro da maioria dos isolados resistentes classificados como pertencentes ao grupo A e suscetíveis ao grupo B demonstrou que este método apresentou um padrão semelhante entre os dois grupos, sugerindo que por este método pode ser detectado uma estreita correlação entre genótipos e amostras resistentes ao fluconazol.

  20. Perfil de atividade da proteína tirosina fosfatase de baixa massa molecular relativa e da fosfatase ácida resistente ao tartarato em osteoblastos humanos durante o ciclo e diferenciação celular

    OpenAIRE

    Tatiana Salles de Souza

    2005-01-01

    O objetivo deste trabalho foi determinar o perfil de atividade enzimática da proteína tirosina fosfatase de baixa massa molecular relativa (PTPBMr) e da fosfatase ácida resistente ao tartarato (TRAP) em osteoblastos humanos durante o ciclo e a diferenciação celular, correlacionando com os níveis de estresse oxidativo intracelulares. A atividade enzimática das fosfatases foi determinada nos períodos de 6, 18, 24, 48 e 72 horas (ciclo celular) e 7, 14, 21, 28 e 35 dias (diferenciação) utilizand...

  1. Acinetobacter spp. e Pseudomonas aeruginosa resistentes aos carbapenêmicos no Hospital Universitário de Santa Maria, Rio Grande do Sul = Carbapenem-resistant Acinetobacter spp. and Pseudomonas aeruginosa at the University Hospital of Santa Maria, Rio Grande do Sul state, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Brezolin, Daiane

    2014-01-01

    Conclusões: Neste estudo Acinetobacter spp. e P. aeruginosa apresentaram elevada resistência aos antimicrobianos. A polimixina B mostrou-se um bom antimicrobiano para o tratamento de infecções por microrganismos resistentes aos carbapenêmicos neste nosocômio

  2. Padrão eletroforético de proteínas resistentes ao calor em sementes de milho Electrophorectic pattern of the heat resistant proteins of corn seeds

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Solange Carvalho Barrios Roveri José

    2005-02-01

    Full Text Available Na aquisição e manutenção da tolerância à dessecação de sementes, há vários mecanismos envolvidos, entre eles a indução das proteínas resistentes ao calor. O objetivo deste trabalho foi avaliar mudanças no padrão eletroforético das proteínas resistentes ao calor de sementes de milho submetidas a alta temperatura de secagem, associando-as à sua tolerância. Foram utilizadas sementes de linhagens, híbridos simples e híbridos recíprocos colhidas com teor de água de aproximadamente 35% e secadas a 45°C. Sementes das linhagens secadas à sombra foram utilizadas como controle e sua qualidade fisiológica foi avaliada por meio do teste de germinação. As proteínas resistentes ao calor foram extraídas de eixos embrionários das sementes em tampão Tris HCl 0,05 M. Não foi possível determinar uma banda específica da fração das proteínas resistentes ao calor que possa servir como marcador da tolerância à alta temperatura de secagem. Houve estabilidade nos padrões de bandas das proteínas provenientes de sementes submetidas à secagem artificial e natural, mesmo quando foram observadas variações nos valores de germinação. Os padrões eletroforéticos das proteínas resistentes ao calor foram semelhantes entre as sementes híbridas e os respectivos recíprocos.Several mechanisms are involved in the acquisition and maintenance of desiccation tolerance by the seeds. One of these mechanisms is related to the induction of heat resitant proteins. The objective of this work was to evaluate changes in the electophorectic patterns of the heat resistant proteins of corn seeds submitted to high drying temperature associating their expression with drying tolerance. Seeds of breeding lines, simple hybrids and respective reciprocals hybrids were utilized. The seeds were harvested with approximately 35% of water content and dried at 45°C. Seeds of lines dried under shadow were used as control and the physiological quality was

  3. Melhoramento do cafeeiro: XLIII. seleção de cafeeiros resistentes ao bicho-mineiro Coffee breeding: XLIII. selection of coffee trees resistant to the leaf miner (Perileucoptera coffeella

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Oliveiro Guerreiro Filho

    1990-01-01

    Full Text Available Estudaram-se diversos parâmetros agronômicos em progênies oriundas de potinização aberta e de hibridações envolvendo os cafeeiros C 1195-5-6-1 e C 1195-5-6-2, resistentes ao bicho-mineiro (Perileucoptera coffeella. Ambos apresentam florescimento abundante e precocidade de maturação, características da espécie Coffea racemosa, da qual se originaram por retrocruzamentos com C. arabica. Hibridações desses dois cafeeiros foram realizadas com os cafés Icatu, Catimor, Híbrido de Timor e Catuaí. Os três primeiros, derivados de retrocruzamentos de C. canephora com C. arabica, são resistentes ao agente da ferrugem (Hemileia vastatrix e, o último, cultivar de grande expressão econômica, tem porte reduzido e elevada capacidade produtiva. A análise das progênies realizada em quatro ensaios revelou que todos esses atributos, presentes em tão diverso germoplasma, são geneticamente transmissíveis e se encontram nas progênies investigadas, em associações diversas. Os dados de produção e o fato de não existirem associações antagônicas entre esses atributos sugerem a possibilidade do desenvolvimento de cultivares produtivos, resistentes ao bicho-mineiro e com outras características desejáveis, principalmente resistência ao agente da ferrugem.Several agronomic characteristics were studied in progenies from open pollinations and hybridizations of coffee trees C1195-5-6-1 and C1195-5-6-2. Both, resistant to the leaf miner (Perileucoptera coffeella, bloom profusely and are early ripening, characteristics of Coffea racemosa from which they originated via backcross to C. arabica. Hybrids of these two individuals with Icatu, Catimor, Híbrido de Timor and Catuaí cultivars were evaluated. The first three cultvars, C. canephora x C. arabica backcross derivatives, are resistant to the leaf rust (Hemileia vastatrix and the last a leading C. arabica cultivar has short stature and high yield capacity. The study of the progenies

  4. Obtenção de linhagens de Lentinula edodes resistentes a temperaturas elevadas e seleção de linhagens resistentes ao Trichoderma sp Obtention of Lentinula edodes strains resistant to high temperatures and selection of strains resistant to Trichoderma sp

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nelson Menolli Junior

    2010-12-01

    Full Text Available Lentinula edodes (Berk. Pegler (shiitake é o segundo cogumelo mais consumido no mundo e sua produção pode ser feita em toras de madeira ou em cultivo axênico utilizando resíduos agroindustriais como substrato. O cultivo do shiitake no Brasil tem sido gravemente prejudicado pela alta incidência de fungos contaminantes, como Trichoderma sp., e pela ausência de linhagens mais adaptadas às temperaturas tropicais. Duas linhagens resistentes ao Trichoderma sp. foram obtidas por meio de seleção quando crescidas em contato com o fungo contaminante e, por meio de fragmentação micelial, foram obtidas linhagens resistentes a temperaturas elevadas, capazes de crescer a 30º C em meio de cultura.Lentinula edodes (Berk. Pegler (shiitake is the second most consumed mushroom in the world and its production can be made in natural logs or in axenic culture using agroindustrial residues as substrate. The cultivation of shiitake in Brazil has been seriously harmed by the high incidence of contaminant fungi such as Trichoderma sp. and by the absence of strains adapted to tropical temperatures. Two strains resistant to Trichoderma sp. were obtained by selection when grown in contact with the contaminant fungus and, by mycelial fragmentation, strains were obtained that can resist high temperatures and grow at 30º C in a culture medium.

  5. Sensibilidade de estirpes de Bradyrhizobium ao glyphosate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo Josemar Seminoti Jacques

    2010-02-01

    Full Text Available A aplicação do glyphosate sobre a soja resistente a este herbicida pode causar prejuízos à simbiose com o rizóbio. O objetivo deste trabalho foi avaliar a sensibilidade ao herbicida glyphosate de três estirpes de Bradyrhizobium recomendadas para a produção de inoculantes de sementes de soja no Brasil. Avaliou-se o efeito das concentrações de 0,0; 5,4; 10,8; 21,6 e 43,2 µg L-1 do ingrediente ativo do glyphosate [N-(fosfonometil glicina] no meio YM líquido sobre o crescimento de B. japonicum (estirpe SEMIA 5079 e de B. elkanii (estirpe SEMIA 5019 e estirpe SEMIA 587, por meio de leituras das densidades óticas e geração de curvas de crescimento. As reduções de crescimento na presença da menor concentração do glyphosate foram de 18% para SEMIA 5079, 29% para SEMIA 5019 e de 35% para SEMIA 587, sendo, de modo geral, quanto maior a concentração do herbicida no meio de cultura maior a inibição do crescimen­to. As estirpes apresentaram sensibilidade diferencial somente às concentrações mais baixas do glyphosate; nesse caso, foi possível determinar a seguinte ordem de sensibilidade: SEMIA 587 > SEMIA 5019 > SEMIA 5079. Essa sensibilidade diferencial é dependente da concentração do herbicida, pois na presença de 43,2 µg L-1 todas as estirpes tiveram seu crescimento severamente reduzido, não havendo diferença entre elas.

  6. Knockdown resistance in pyrethroid-resistant horn fly (Diptera: Muscidae populations in Brazil Resistência Knockdown em populações de mosca-dos-chifres do Brasil resistentes aos piretróides

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo A. Sabatini

    2009-09-01

    Full Text Available To investigate the kdr (knockdown resistance resistance-associated gene mutation and determine its frequency in pyrethroid-resistant horn fly (Haematobia irritans populations, a total of 1,804 horn flies of 37 different populations from all Brazilian regions (North, Northeast, Central-West, Southeast, and South were molecular screened through polymerase chain reaction (PCR. The kdr gene was not detected in 87.08% of the flies. However, the gene was amplified in 12.92% of the flies, of which 11.70% were resistant heterozygous and 1.22% were resistant homozygous. Deviation from Hardy-Weinberg equilibrium (HWE was found only in 1 ranch with an excess of heterozygous. When populations were grouped by region, three metapopulations showed significant deviations of HWE (Central-West population, South population and Southeast population. This indicates that populations are isolated one from another and kdr occurrence seems to be an independent effect probably reflecting the insecticide strategy used by each ranch. Although resistance to pyrethroids is disseminated throughout Brazil, only 48% of resistant populations had kdr flies, and the frequency of kdr individuals in each of these resistant populations was quite low. But this study shows that, with the apparent exception of the Northeast region, the kdr mechanism associated with pyrethroid resistance occurs all over Brazil.Com o objetivo de verificar a ocorrência e determinar a frequência da mutação kdr (knock down resistance em populações de Haematobia irritans (mosca-dos-chifres resistentes aos piretróides, foram analisados 1.804 indivíduos de 37 populações de todas as Regiões do Brasil. Com exceção da Região Nordeste, o kdr (knock down resistance gene foi encontrado em populações de todas as regiões. A mutação não foi detectada em 87,08% dos indivíduos. Entretanto, o gene foi amplificado de 12,92% das moscas, das quais 11,70% se mostraram heterozigotas resistentes e 1

  7. Influência do glifosato na eficiência nutricional do nitrogênio, manganês, ferro, cobre e zinco em soja resistente ao glifosato Glyphosate influence on nitrogen, manganese, iron, copper and zinc nutritional efficiency in glyphosate resistant soybean

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ademar Pereira Serra

    2011-01-01

    Full Text Available Com o desenvolvimento da soja resistente ao glifosato, Roundup Ready (RR, observa-se um aumento considerável no uso desse herbicida, com aplicações de três a quatro vezes durante o ciclo da cultura. Dessa forma, essas aplicações podem estar influenciando a nutrição mineral da cultura. Objetivou-se realizar este experimento para avaliar a influência do glifosato na eficiência nutricional de N, Mn, Cu, Zn e Fe pela soja transgênica cv. 'P98R31 RR'. O experimento foi realizado em casa de vegetação, na ESALQ/USP, Piracicaba (SP, em 2009. A unidade experimental foi constituída por vaso contendo 11kg de substrato (NITOSSOLO VERMELHO Eutroférrico latossólico, com duas plantas por vaso. Os tratamentos foram arranjados em um esquema fatorial 5X5, com cinco níveis do fator Mn (0, 20, 40, 60 e 80mg dm-3 e cinco de glifosato (0; 0,648; 1,296; 1,944 e 2,592kg i.a. ha-1, sendo que o Mn foi fornecido a partir do sulfato de manganês (MnSO4.H2O. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, com quatro repetições. Não houve influência na resposta das plantas com relação ao fator Mn. A aplicação de glifosato interferiu de forma negativa na eficiência nutricional da planta e nos teores totais de N, Mn, Cu, Zn e Fe. A utilização de glifosato causou redução ao número de nódulos e redução na produção de massa seca.After development of glyphosate-resistant (GR soybean, there is a considerable raise in the use of this herbicide, with three to four applications during the culture cycle. Thus, these applications may be influencing the mineral nutrition of the crop. So, the aim of this research was evaluate the glyphosate influence on uptake, translocation and use efficiency of N, Mn, Cu, Zn and Fe by (GR soybean 'P98R31' cultivar. The experiment was conducted in the greenhouse at ESALQ/USP, Piracicaba, State of São Paulo, Brazil, in 2009. The experimental unit was formed by 11kg vase-1 of soil (Rhodic Paleudult with two

  8. Injúria potencial de herbicidas de solo ao girassol: I - clomazone Potential sunflower injury by soil applied herbicides: I - clomazone

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ribas A. Vidal

    1993-01-01

    Full Text Available Conduziu-se um ensaio de campo na Estação Experimental Agronômica da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, em Eldorado do Sul, RS, em 1989/90. O objetivo deste trabalho foi determinar o efeito residual potencial do herbicida clomazone, aplicado em três doses à superfície do solo (PRE ou incorporado no mesmo (PPI, sobre a cultura de girassol. Através de ensaio complementar, realizado em casa-de-vegetação em 1990, procurou-se determinar o local de absorção de clomazone por plântulas de girassol. A localização de clomazone no solo foi muito importante na determinação de sua injúria para o girassol. A campo, clomazone promoveu injúria mais acentuada nas plântulas, quando aplicado em PRE do que em PPI. Clomazone, aparentemente, foi mais absorvido pelo hipocótilo do que pelo sistema radicular das plantulas de girassol. No entanto, nas maiores doses, a fitotoxicidade em PPI se acentuou com o decorrer do tempo, a ponto de desaparecerem as diferenças entre épocas de aplicação.A field experiment was carried out during 1989/90 at the Eldorado do Sul Experimental Station of Federal University of Rio Grande do Sul, Brazil, with the objective of evaluating potential injury to sunflower by clomazone applied at three different dosages in pre-emergence (PRE or preplant incorporated (PPI. A greenhouse trial was carried out in 1990 to determine the site of uptake for clomazone from the soil. Clomazone placement in the soil was very important in determining the level of injury to the plants. The leved of injury to seedlings was higher when clomazone was sprayed in PRE as compared to PPI. Apparently, more clomazone was absorbed through the sunflower hypocotyl than by the root system. Late season assessments indicated that higher dosages were equally phytotoxic under both application methods.

  9. Robusta coffee rootstocks resistants to Meloidogyne paranaensis and M. incognita races 1 and 2/ Porta-enxertos de café robusta resistentes aos nematóides Meloidogyne paranaensis e M. incognita raças 1 e 21

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Inês Cristina de Batista Fonseca

    2006-06-01

    Full Text Available The Meloidogyne paranaensis and M. incognita races 1 and 2 are the most pathogenic root knot nematodes of coffee crop in Paraná state, Brazil. The use of susceptible arabica cultivars on resistant rootstock robusta cultivars, especially cultivar Apoatã IAC-2258 of Coffea canephora var. robusta, has been successful, but there are segregations to susceptible ones. The aim of this research was to identify C. canephora var. robusta coffee trees with simultaneous resistance to M. paranaensis, M. incognita races 1 and 2. Twenty-four C. canephora genotypes were evaluated using Taylor´s evaluation method, conducted in randomized blocks design with three replications and 30 plants per plot. The cultivar Mundo Novo IAC 376-4 was used as susceptible standard. The variables evaluated were nematodes incidence and root volume. The resistance levels founded among plants were resistant, moderately resistant and susceptible. Six genotypes of C. canephora var. robusta with simultaneous resistance, probably in homozygous, to M. paranaensis, M. incognita race 1 and M. incognita race 2 were found, all with good root volume. The mother plants of these six better treatments will be vegetatively propagated and used to begin seed production of rootstock cultivars.No Estado do Paraná, os nematóides mais danosos para o café são Meloidogyne paranaensis e M. incognita raças 1 e 2. A enxertia de cultivares suscetíveis de Coffea arabica sobre C. canephora resistentes tem sido bem sucedida, especialmente com o porta-enxerto Apoatã IAC-2258, porém existe segregação para a resistência. O objetivo deste trabalho foi identificar cafeeiros de C. canephora var. robusta com resistência simultânea aos nematóides M. paranaensis e M. incognita raças 1 e 2. Avaliaramse 24 genótipos de C. canephora na metodologia de Taylor, no delineamento em blocos ao acaso com três repetições e parcelas de 30 plantas. Como testemunha suscetível utilizou-se a cultivar Mundo Novo

  10. Chemische bestrijding resistente melganzevoet

    NARCIS (Netherlands)

    Hoek, H.

    2013-01-01

    In Nederland is op sommige percelen in melganzevoet resistentie gevonden tegen middelen met de werkzame stoffen metamitron en metribuzin. In dit onderzoek is nagegaan hoe deze resistente melganzevoet in aardappelen en suikerbieten chemisch goed bestreden kan worden.

  11. Caracterização anatômica de folhas de cafeeiros resistentes e suscetíveis ao bicho-mineiro Anatomical characterization of leaves from coffee plants resistant and susceptible to leaf miner

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Alves Ramiro

    2004-12-01

    Full Text Available O bicho-mineiro, Leucoptera coffeella (Guérin-Méneville, 1842 (Lepidoptera :Lyonetiidae, é a principal praga da cultura cafeeira, chegando a causar prejuízos superiores a 50% na produção, em virtude da queda prematura das folhas e redução da área fotossintética. O programa de melhoramento genético do cafeeiro do Instituto Agronômico (IAC utiliza a espécie Coffea racemosa como doadora de genes de resistência a L. coffeella para C. arabica. O objetivo deste trabalho foi realizar uma caracterização comparativa do tecido foliar e relacioná-la ao ataque de L. coffeella nas espécies genitoras C. arabica e C. racemosa, e em plantas híbridas oriundas desse cruzamento, com diferentes níveis de resistência, visando fornecer ferramentas para futura identificação dos genes de resistência ao bicho-mineiro. Cortes transversais de folhas foram usados em estudos anatômicos para obter medidas individuais da espessura das cutículas, epidermes, parênquima paliçádico, parênquima lacunoso, espessura total da folha e porcentagem do mesofilo representada pelo parênquima paliçádico. As lesões provocadas pelo inseto foram medidas após um e quatro dias da eclosão das lagartas, em cada um dos tratamentos. Existem diferenças na espessura dos tecidos foliares entre as espécies C. arabica e C. racemosa, porém não houve diferenças entre plantas híbridas resistentes e suscetíveis, sugerindo que as características avaliadas não estão relacionadas ao mecanismo de resistência a L. coffeella. Nas avaliações das lesões, observou-se o crescimento reduzido dos insetos em plantas resistentes, sugerindo que a resistência das plantas se deve à presença de substâncias químicas no parênquima paliçádico.The leaf miner Leucoptera coffeella (Guérin-Méneville, 1842 (Lepidoptera: Lyonetiidae is the major pest of coffee culture, being responsible for significant production losses as result of premature leaf fall, and consequent

  12. Aplicação de cavacos de titânio para produção de revestimentos resistentes ao desgaste

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Gedael Fagundes Júnior

    2014-09-01

    Full Text Available Equipamentos usados nas usinas sucroalcooleiras e de extração mineral são submetidos a condições severas de desgaste abrasivo. Revestimentos duros são usualmente aplicados para reparar este tipo de dano, sendo bastante empregados consumíveis de soldagem contendo altos teores de cromo e carbono. No presente trabalho visa investigar a microestrutura de revestimentos duros formados com a fusão de cavacos de titânio puro ASTM F67 grau 4, material usado na fabricação de implantes odontológicos. Misturas com diferentes formadores de carbonetos (Fe-Cr e Fe-Nb como aditivos também foram testadas. Revestimentos feitos com duas camadas de cavacos "puros" (Ti, cavacos com Fe-Cr (Ti-Cr e cavacos com Fe-Nb (Ti-Nb foram depositadas sobre peças de aço-carbono por soldagem TIG/GTAW. A microestrutura das camadas foi observada com microscópio óptico e por microscópio eletrônico de varredura equipado com microanálise. A caracterização microestrutural revelou que a distribuição de carbonetos varia significativamente com a natureza química dos aditivos usados. A microanálise mostrou que houve a formação de carbonetos com composição química complexa no seio do metal de solda, cuja estequiometria foi determinada com análise por difração de raios-X. Carbonetos mistos do tipo MC e cementita foram identificados. Os resultados apresentados indicam que a aplicação de cavacos de titânio ASTM F67, como insumo para formação de carbonetos, pode contribuir para melhorar a resistência ao desgaste em comparação aos tradicionais revestimentos duros com carbonetos de cromo.

  13. Linhagens de alface-crespa para o verão resistentes ao Meloidogyne javanica e ao vírus mosaico-da-alface Lineages of crisp-leaf lettuce for summer cropping resistant to Meloidogyne javanica and to Lettuce mosaic virus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata Rodrigues Silva

    2008-10-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi selecionar famílias F4 de alface, oriundas do cruzamento entre as cultivares Verônica e Salinas 88, para o cultivo no verão, com relação ao tipo de folha, e à resistência ao Lettuce mosaic virus (LMV e ao nematóide-das-galhas Meloidogyne javanica. Primeiramente, avaliaram-se a coloração da folha, tipos de borda e limbo foliares, além da tolerância ao calor no campo, em blocos ao acaso compostos pelas 15 famílias F4 previamente selecionadas, pelas cultivares parentais e pela cultivar testemunha Regina 71 (folhas lisas e tolerante ao calor, com cinco repetições e oito plantas por parcela. Na segunda etapa, as famílias foram avaliadas quanto à resistência ao LMV e ao nematóide-das-galhas, em bandejas de 128 células acondicionadas em estufa. As médias das notas atribuídas a cada família foram comparadas às médias de cada cultivar parental pelo teste de Dunnet (5%. A família AFX007B-140-21, homozigota resistente aos nematóides e ao LMV e, também, tolerante ao calor, foi a mais promissora. O cruzamento entre uma cultivar de folhas crespas e soltas com uma de folhas crespas e repolhuda, pode originar linhagens promissoras tanto de folhas crespas quanto de folhas lisas.The aim of this work was to select F4 lettuce families, derived from the cross 'Veronica' x 'Salinas 88 ', for summer cropping, type of leaves, and for resistance to Meloidogyne javanica and to Lettuce mosaic virus (LMV. First, evaluations were made for leaf colour, leaf limb, border type, and heat tolerance in the field, in a complete blocks desing, in 15 F4 families previously selected, parent cultivars and, as control, the cultivar Regina 71 (butterleaf and tolerant to heat. Five replicates and eight plants per plot were used. As second step, the families were evaluated in greenhouse, in 128-cell expanded polystyrene trays, for resistance to LMV and root-knot nematodes. Score means of each family were compared to the means of

  14. Membrane fluidity and lipid composition of fluconazole resistant and susceptible strains of Candida albicans isolated from diabetic patients Fluidez e composição lipídica da membrana de cepas de Candida albicans resistentes e sensíveis ao fluconazol, isoladas de pacientes diabéticos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nagendra N. Mishra

    2008-06-01

    Full Text Available Ten clinical isolates of Candida albicans, five strains belonging to each of fluconazole resistant and susceptible groups isolated from diabetic patients, were studied for the membrane fluidity and lipid composition. Compared to fluconazole susceptible strains, fluconazole resistant ones exhibited enhanced membrane fluidity as measured by fluorescence polarization technique. The increased membrane fluidity was reflected in the decreased p-values exhibited by the resistant strains. On the other hand, susceptible isolates contained higher amount of ergosterol, almost twice as compared to resistant isolates which might have contributed to their lower membrane fluidity. However, no significant alteration was observed in the phospholipid and fatty acid composition of these isolates. Labeling experiments with fluorescamine dye revealed that the percentage of the exposed aminophospholipid, phosphatidylethanolamine was highest in the resistant strains as compared to the susceptible strains, indicating a possible overexpression of CDR1 and CDR2 genes in resistant strains. The results presented here suggest that the changes in the ergosterol content and overexpression of ABC transporter genes CDR1 and CDR2 could contributeto fluconazole resistance in C. albicans isolated from diabetic patients.Dez isolados clínicos, sendo cinco resistentes e cinco sensíveis ao fluconazol, obtidos de pacientes diabéticos, foram estudados quanto à fluidez e composição química da membrana. Quando comparados aos isolados sensíveis ao fluconazol, os isolados resistentes apresentaram fluidez de membrana aumentada, conforme mensurado pela técnica de polarização fluorescente. A fluidez de membrana aumentada refletiu-se pelos valores mais baixos de p. Por outro lado, os isolados sensíveis continham quantidades mais elevadas de ergosterol, quase o dobro dos isolados resistentes, o que pode ter contribuído para a fluidez de membrana mais baixa. Entretanto, não se

  15. Root growth and lignification of glyphosate susceptible and resistant soybean at low temperaturesCrescimento e lignificação de raízes de soja convencional e resistente ao glifosato, em baixa temperatura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patricia da Costa Zonetti

    2013-05-01

    Full Text Available Low temperature stress affects plant growth, including primary and secondary metabolism. Glyphosateresistant soybean contains a modified DNA, which encodes a different type of secondary metabolism enzyme related to lignin synthesis compared to conventional glyphosate-susceptible cultivars. Thus, this soybean cultivar might respond differently to low temperatures, compared to glyphosate-susceptible cultivars. This work aimed to investigate how decreasing temperatures influence the growth and lignin content of the glyphosate-resistant soybean compared to its susceptible parental cultivars. Three-day-old seedlings were cultivated in nutrient solution at 10, 15, 20, and 25°C (±2°C, using a 12-h photoperiod. After 96 h, taproot growth, fresh and dry biomass, and lignin levels were determined. The results indicate that lower temperatures decreased seedling and root growth in both types of cultivars; however, glyphosate-resistant soybean exhibited greater root length, biomass, and lignin content compared to the glyphosate-susceptible parental cultivar. O estresse causado pela baixa temperatura, dentre outras implicações, afeta o crescimento do vegetal assim como o seu metabolismo secundário. Pelo fato da soja RR apresentar variante enzimática de uma das principais vias do metabolismo secundário, ligada à síntese de lignina, pode apresentar comportamento diferenciado, sob baixa temperatura, se comparada com sua linhagem parental. O objetivo deste trabalho foi investigar possíveis diferenças no crescimento e nos conteúdos de lignina nas raízes de soja cultivar transgênica resistente ao glifosato e cultivar parental em resposta a redução de temperatura. Após três dias de germinação das sementes, as plântulas foram mantidas em solução nutritiva, a 10, 15, 20 e 25°C (±2°C, com fotoperíodo de 12 horas. Após 96 horas, foi avaliado o comprimento relativo da raiz primária, biomassa fresca e seca das raízes e os teores de lignina

  16. La estructura resistente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manterola, J.

    1968-09-01

    Full Text Available A structure, as a whole, consists of an organised set of material parts, whose structural significance depends both on their topological nature and on the external forces acting on them. This duality, that is typical of a structure, is related on the one hand to the structural forms that man can construct, and on the other to progressive adaptation of the structural topology to the external forces acting on it. The integrated study of the constructive process and of the theory of structures does not exhaust the problem of structures. The characteristics of the materials are still to be considered. The effect of these three factors on the cost depends on the dynamic evolution of these factors themselves: their importance being greater or smaller according to the evolutionary stage that is considered and the purpose of the structure. Furthermore, the structural significance of an object is influenced by the changes in the surrounding structural elements. Thus, a form, whose development might be determined strictly by structural motives at a given period, at another stage may no longer depend on structural factors. Hence structure is only a relative concept.En la estructura resistente, tomada como un todo, subyace una organización de elementos materiales, cuyo valor de posición viene condicionado tanto por las condiciones mecánicas de trabajo resistente que se establece entre ellas como por la posibilidad de manejar y colocar en su sitio el peso y volumen que determinan. Esta partición, contenido mismo de lo estructural, nos remite, por un lado, a las condiciones variables en que se concretan las posibilidades energéticas de la humanidad, y por otro, sitúa la estructura enfrentada a las acciones exteriores en una serie de etapas intermedias que para ser resistidas va a ser construida, lo que le proporciona la operatividad que reside en todo proceso de crecimiento. La integración del proceso constructivo y la teoría de lo resistente no agota

  17. Germinação de sementes de populações de orelha-de-mula (Alisma Plantago-Aquatica resistentes e susceptíveis ao bensulfurão-metilo Seed germination of waterplantain (Alisma Plantago-Aquatica populations resistant and susceptible to bensulfuron-methyl

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Isabel Calha

    2008-01-01

    Full Text Available Estudaram-se as condições mais adequadas à germinação de sementes de Alisma plantagoaquatica, susceptíveis (S e resistentes (R ao herbicida bensulfurão-metilo, de diferente origem. Analisou-se a taxa de germinação de 11 amostras de sementes provenientes de arrozais do Sado (2, do Sorraia (3 e do Baixo Mondego (6 em dois regimes de temperatura (15 ºC e 15/30 ºC; os estudos foram realizados com amostras de dois anos e incluíram uma amostra com três anos proveniente de arrozal do Sorraia. A regressão não linear pelo modelo log-logístico (SSlogis permitiu caracterizar as populações em estudo e compará-los quanto à idade, origem geográfica e resistência. Verificou-se que as sementes com três anos apresentaram menor capacidade germinativa (CG do que as sementes com dois anos. Não foi possível ajustar o modelo à população S do Sado nem a duas populações do Baixo Mondego, pela falta de maturidade das sementes. Verificou-se que nas populações S a germinação das sementes era independente do regime de temperatura, enquanto nas populações R, a germinação era favorecida por determinado regime de temperatura, consoante a sua origem geográfica. Assim a germinação das sementes da população do Baixo Mondego (região Centro foi favorecida pelo regime de alternância (15/30 ºC, enquanto a populações das bacias hidrográficas dos rios Sorraia e Sado (região Centro-Sul foram favorecidas pelo regime de temperatura constante (15 ºC. Considerando que, à temperatura de 15 ºC, as sementes das populações R dos arrozais do Centro-Sul do País apresentaram maior CG do que as da região Centro, esta característica pode ser aproveitada para implementar, naquela região, medidas de gestão da resistência durante a fase inicial do ciclo cultural do arroz quando as temperaturas são mais baixas.Seed germination of bensulfuron-methyl resistant (R and susceptible (S Alisma plantagoaquatica biotypes collected in rice fields from

  18. Bioensaio rápido de determinação da sensibilidade da acetolactato sintase (ALS a herbicidas inibidores Rapid bioassay to determine the sensitivity of acetolactate synthase (ALS to inhibitor herbicides

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Andrea Monqueiro

    2001-03-01

    Full Text Available Foi avaliada a atividade da acetolactato sintase (ALS, em plantas resistentes e suscetíveis de B. pilosa e A. quitensis após a aplicação de herbicidas inibidores da ALS. O método baseia-se na utilização do ácido ciclopropanodicarboxílico (CPCA para inibir a cetoácido reductoisomerase (KARI, enzima que catalisa a reação seguinte do acetolactato na cadeia de biossíntese dos aminoácidos valina, leucina e isoleucina, provocando assim, o acúmulo de acetolactato, que na presença de um ácido forte forma acetoína. A base para a distinção entre os biotipos resistentes e suscetíveis é a quantidade de acetoína formada, que será maior nos biotipos em que a enzima ALS não sofreu inibição, ou seja, nos biotipos resistentes. A quantificação da acetoína acumulada ocorreu através da formação de um complexo colorido vermelho, devido a reação entre acetoína, creatina e naftol, cuja densidade ótica a 530 nm é proporcional à concentração do acetolactato formado na reação. Sendo assim, foi desenvolvido um ensaio utilizando este método após a aplicação dos herbicidas chlorimuron-ethyl e imazethapyr nos biotipos R e S de Bidens pilosa, Amaranthus quitensis no estádio de dois pares de folhas. O bioensaio demonstrou que a enzima ALS dos biotipos resistentes é insensível aos herbicidas inibidores da ALS e que este tipo de bioensaio é uma forma rápida e eficaz de diferenciação entre biotipos resistentes e suscetíveis.In order to compare the acetolactate synthase (ALS activity of resistant and susceptible biotypes of Bidens pilosa and Amaranthus quitensis to ALS inhibitor herbicides, a method based on ciclopronocarboxilic acid (CPCA to inhibit the enzyme ketoacidredutoisomerase (KARI is used. This enzyme catalyzes the reaction after acetolactate in the biosynthesis reaction chain of the aminoacids valine, leucine and isoleucine. In the presence of a KARI inhibitor, carbon from pyruvate flows through the branched chain

  19. Aceitação de cultivares de bananas resistentes à Sigatoka Negra junto ao consumidor da região Nordeste do Brasil Acceptance of banana cultivars resistant to Black Sigatoka by the consumer market of Northeast Brazilian region

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Deborah dos Santos Garruti

    2012-05-01

    Full Text Available O Mal da Sigatoka Negra é devastador para as cultivares tradicionais de banana. No Brasil, cultivares resistentes estão sendo desenvolvidas, mas se a preferência do consumidor não for considerada, o programa de melhoramento pode falhar. Neste trabalho, a aceitabilidade de quatro cultivares resistentes foi acessada no Nordeste brasileiro e comparada a quatro variedades comerciais. Dois grupos de consumidores participaram: adultos jovens e donas de casa. Escala hedônica foi aplicada para aparência externa dos cachos, aceitação global e aceitação por atributos dos frutos (aparência sem a casca, aroma, sabor e textura, além de testes de preferência e intenção de compra. Os dados foram submetidos à ANOVA e Mapa de Preferência Interno. Mulheres e jovens mostraram opiniões semelhantes. As cultivares 'Preciosa' e 'Pacovan Ken' mostraram ser as mais promissoras, sendo que a primeira já pode substituir as cultivares comerciais 'Prata' e 'Pacovan' sem prejudicar a sua aceitabilidade, mas a 'Pacovan Ken' ainda precisa ser melhorada quanto à aparência.The Black Sigatoka Disease is devastating to traditional banana cultivars. In Brazil, resistant cultivars are being developed but if the consumer's preference is not taken into account, the breeding program may not succeed. In this research the acceptability of four resistant cultivars was accessed in the Northeastern Brazilian region and compared to four commercial varieties. Two groups of consumers participated: young adults and housewives. Hedonic scale was applied to external appearance of bunches, global acceptance and acceptance of fruits' attributes (appearance without peel, aroma, flavor and texture. Preference and purchase intent were also evaluated. Data were submitted to ANOVA and Preference Mapping. Women and young adults showed similar opinions. 'Preciosa' and 'Pacovan Ken' cultivars showed to be the most promising ones. 'Preciosa' can already substitute the commercial 'Prata

  20. Residual da mistura formulada dos herbicidas imazethapyr e imazapic em solo de várzea sobre azevém (Lolium multiflorum Lam. cultivado em sucessão ao arroz tolerante Carryover of the formulated mixture of the herbicides imazethapyr and imazapic in lowland soils, affecting ryegrass (Lolium multiflorum Lam.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mara Grohs

    2008-09-01

    Full Text Available Herbicidas do grupo das imidazolinonas, como imazethapyr e imazapic, podem persistir no solo e afetar culturas não-tolerantes cultivadas em sucessão. O objetivo do trabalho foi avaliar o efeito residual da mistura formulada de imazethapyr+imazapic sobre azevém semeado e conduzido sob condições de casa de vegetação. Para isso, inicialmente foi conduzido um experimento em campo, em que aplicou-se sobre a cultivar tolerante de arroz ("IRGA 422 CL" diferentes doses da mistura formulada de imazethapyr+imazapic, representadas por: 0L ha-1 (testemunha; 0,7L ha-1 em pré-emergência (PRE seguido da aplicação de 0,7L ha-1 em pós-emergência (POS; 1,0L ha-1 em PRE; e 1,0L ha-1 em POS. Posteriormente, aos 194 dias após a aplicação das doses, foram coletadas amostras intactas de solo na camada de 0-10cm, as quais foram utilizadas na condução de um bioensaio com azevém. Foram avaliadas a porcentagem de plantas emergidas aos três e 22 DAE (dias após a emergência e a matéria seca do azevém aos 40 DAE. Verificou-se que a aplicação dos herbicidas na cultura do arroz no verão não ocasiona danos ao azevém semeado 194 dias após a aplicação do produto.Imidazolinone herbicides, such as imazethapyr and imazapic, may persist in the soil and carryover to non-tolerant crops. This work aimed at evaluating the field carryover of the formulated mixture of imazethapyr+imazapic affecting ryegrass. For this reason, a field experiment was carried out, in which different rates of the formulated mixture of imazethapyr and imazapic were applied on a tolerant rice cultivar (';IRGA 422 CL';: 0L ha-1 (check plot; 0.7L ha-1 preemergence (PRE followed by 0.7L ha-1 postemergence (POS; 1.0L ha-1 PRE; 1.0L ha-1 POS. Later, 194 days after herbicide application, intact soils cores samples were collected at 0 to 10cm depth to carry out a bioassay in greenhouse, sowing ryegrass. It was evaluated the percentage of plants established at three and 22 DAE (days after

  1. Teste-padrão de germinação modificado para análise da tolerância de cultivares de soja ao herbicida sulfentrazone Modified germination test for the evaluatiing of tolerance of soybean cultivars to the herbicide sulfentrazone

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    D.L.P. Gazziero

    2005-03-01

    Full Text Available Com o objetivo de avaliar metodologia de laboratório para análise da tolerância de cultivares de soja ao herbicida sulfentrazone, foi conduzido um ensaio na Universidade Estadual de Londrina. Foi utilizado o teste-padrão de germinação com a modificação da solução de embebição, com os cultivares Coodetec 206 e Coodetec 207, considerados tolerante e sensível, respectivamente, ao herbicida sulfentrazone, em campo. Foram preparadas concentrações de 25, 50, 100 e 250 mg L-1 do herbicida sulfentrazone e a solução-padrão com água destilada como testemunha. O papel-toalha foi embebido com solução de sulfentrazone em volume equivalente a três vezes o peso do papel. As unidades experimentais foram rolos de papel, contendo 50 sementes, com quatro repetições, que permaneceram em germinador a 25 ºC por cinco dias, na presença de luz durante o dia. Após esse período foram avaliados o comprimento do hipocótilo, o comprimento da raiz, o comprimento total e o peso das plântulas, em todos os tratamentos. Foi utilizado delineamento experimental inteiramente casualizado, e o procedimento estatístico adotado foi o esquema fatorial 2 (cultivares x 5 (doses, utilizando o teste de Tukey a 5% de probabilidade para comparação das médias. A concentração de 250 mg L-1 de sulfentrazone causou intensa injúria às plântulas, não sendo possível detectar diferenças entre os cultivares. Entretanto, a solução com concentração de 50 mg L-1 de sulfentrazone evidenciou nitidamente a diferença entre os cultivares quanto à tolerância e à sensibilidade, quando utilizado o comprimento do hipocótilo, o comprimento das raízes e o comprimento total de plântulas como características diferenciais, sendo mais evidente a diferença entre os cultivares analisando-se o comprimento do hipocótilo. O teste-padrão de germinação modificado foi adequado para analisar a tolerância dos cultivares de soja ao herbicida sulfentrazone.This experiment

  2. Selection of species tolerant to the herbicide sulfentrazone with potential for phytoremediation of contaminated soilsSeleção de espécies tolerantes ao herbicida sulfentrazone com potencial para a fitorremediação de solos contaminados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Carlos Madalão

    herbicida, a altura de plantas e a massa da matéria seca da parte aérea e de raízes. As espécies Cajanus cajan e Leucaena leucocephala apresentaram maior tolerância ao sulfentrazone até a dose de 400 g ha-1, mostrando menores sintomas de fitotoxicidade e menores reduções na altura de plantas e no acúmulo de matéria seca, tanto na parte aérea como nas raízes, em relação ao tratamento controle, indicando, com isso, potencial de utilização para posteriores estudos de fitorremediação de sulfentrazone em solo.

  3. Seletividade de herbicidas em variedades de cana-de-açúcar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Andrea Monquero

    2011-01-01

    Full Text Available Em variedades de cana-de-açúcar podem ser observadas respostas diversas aos herbicidas, tendo como consequências problemas de fitotoxicidade, que podem ocasionar redução na produtividade. Com o objetivo de estudar a seletividade de herbicidas sobre as variedades de cana-de-açúcar RB925345, RB925211, RB935744 e RB855036, foram desenvolvidos quatro experimentos em campo, um para cada variedade, no delineamento de blocos casualizados, em Araras (SP. Os herbicidas utilizados foram: trifloxysulfuron-sodium + ametryn (351 + 99 g i.a ha-1 + diuron + hexazinone (1097 + 27,77 g i.a ha-1, trifloxysulfuron-sodium + ametryn (1463 + 37 g i.a ha-1, diuron + hexazinone (1170 + 330 g i.a ha-1, metribuzin (4000 g i.a ha-1, imazapic (122,5 g i.a ha-1 e imazapyr (0,5 L i.a ha-1. Foram realizadas avaliações visuais de intoxicação aos 15, 30, 45, 60 e 90 dias após aplicação (DAA, altura das plantas aos 30, 90 e 180 DAA, perfilhamento e análise tecnológica constituída pelos teores de sólidos solúveis (ºBrix, Pol (% caldo, Pol (% cana, Fibra (% e Pureza (%, aos 380 DAA. Inicialmente, todas as variedades tiveram sintomas de intoxicação aos herbicidas. Os inibidores da ALS (imazapyr e imazapic tiveram sintomas mais acentuados aos 30 DAA, com paralisação do crescimento das plantas, presença de folhas retorcidas e coloração arroxeada. Aos 90 DAA, nas variedades não havia sintomas de fitotoxicidade significativos, sendo tolerantes aos herbicidas aplicados. Não foram observadas diferenças significativas entre os tratamentos com relação ao perfilhamento, altura das plantas e na qualidade tecnológica final das variedades estudadas.

  4. Produtividade de grãos da soja em função do manejo de herbicida e fungicidas Soybean grain yield in response to herbicide and fungicides

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos Paulo Ludwig

    2010-07-01

    Full Text Available Com a introdução da soja resistente ao glifosato, ocorreu mudança no manejo da cultura, principalmente com relação ao manejo das plantas invasoras. Este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de avaliar os efeitos da aplicação de diferentes manejos de herbicidas e fungicidas sobre o rendimento de grãos e os componentes do rendimento da soja. O experimento foi conduzido no ano agrícola 2006/2007, na área experimental do Departamento de Fitotecnia da Universidade Federal de Santa Maria. Foram utilizadas quatro cultivares de soja Roundup ReadyTM ('NK Mireya 4.2 RR', 'Fundacep 55 RR', 'NK Mágica 7.3 RR' e 'A 8100 RG', dois manejos de herbicida (Clethodim + Bentazon e outro com glifosato, dois manejos de doenças constituídos com a aplicação de fungicida (Tebuconazole + Tiofanato Metílico e sem o tratamento. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos ao acaso com parcela subsubdivididas, com quatro repetições. Foram avaliados o rendimento de grãos e os componentes do rendimento. As cultivares responderam diferentemente ao manejo de herbicidas e fungicidas para produção de grãos; as cultivares que foram afetadas pelo manejo de herbicida obtiveram maior produtividade com a aplicação de glifosato, efeito que também foi observado com a aplicação de fungicida. As cultivares mais e menos produtivas apresentaram o maior e o menor peso de grãos, respectivamente. A aplicação de fungicida aumentou o índice de colheita.With the introduction of the resistant soybeans to the glyphosate changed the management of the culture, mainly for management of the weed. This work was developed with the objective of evaluate the effect of the different management systems of herbicides and fungicides in grain yield and yield components of the soybean. The experiment was carried in the agricultural year of 2006/2007, at the Experimental Area of Department of Phytotecny of the Santa Maria Federal University. It was used, four soybean

  5. Resistente stafylokokker blandt kvægfolk

    DEFF Research Database (Denmark)

    Moodley, Arshnee; Nielsen, Søren Saxmose; Guardabassi, Luca

    2007-01-01

    Personer med tæt kontakt med dyr kan smitte eller blive smittet med methicillin-resistente Staphylococcus aureus (MRSA). MRSA er en gruppe af stafylokokker, som er resistente overfor antibiotika og kan give anledning til høj sygelighed og dødelighed blandt mennesker. Udgivelsesdato: 26. juni...

  6. FITORREMEDIAÇÃO DO HERBICIDA SULFENTRAZONE A CAMPO: DETERMINAÇÕES CROMATOGRÁFICAS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Carolina Roos Pinheiro

    2016-12-01

    Full Text Available A técnica de cromatografia torna-se essencial no processo da fitorremediação de solo contaminado com herbicidas. Objetivou-se determinar a persistência do sulfentrazone utilizando cromatografia líquida (CLAE. O trabalho foi conduzido em duas etapas. Na primeira, os tratamentos foram compostos pela combinação entre as espécies fitorremediadoras C. ensiformis e C. juncea, mais dois tratamentos controle e quatro doses do herbicida, sob DBC com parcelas subdivididas, com quatro repetições. Após o preparo do solo aplicou-se à superfície o sulfentrazone. Depois, procedeu-se a semeadura das espécies remediadoras. Aos 75 dias após emergência destas plantas foram colhidas amostras da parte aérea e raiz, e também amostras de solo. Na segunda etapa, determinou-se a acumulação do herbicida por meio da CLAE. Não foi encontrado resíduo do herbicida na parte aérea e raízes das espécies, todavia detectou-se no solo. A técnica da cromatografia foi adequada.

  7. Resistência de campo ao vírus da queima-do-broto em genótipos de soja resistentes a insetos Field resistence to brazilian bud blight in soybean genotypes resistant to insects

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Luiz Lourenção

    1989-01-01

    Full Text Available Avaliou-se o comportamento de trinta e seis genótipos de soja em relação à incidência da queima-do-broto em condições de campo, no Centro Experimental de Campinas (IAC, no ano agrícola 1985/86. A infecção variou de 13 a 92%, destacando-se PI 227687 (13%, IAC 73-228 (25%, IAC 80-1177 (36%, IAC 80-1191 e IAC 84-20-1 (38% e PI 274453 (40% com os menores índices da doença. Os cinco genótipos menos infectados, mais a linhagem IAC 79-1823 e os cultivares IAC 9, IAC 10, IAC 12, Santa Rosa, Cristalina e IAC Foscarin-31, inoculados mecanicamente em casa de vegetação com diferentes isolados do vírus, não mostraram nível de resistência semelhante ao observado em campo; nesse teste, a infecção variou de 45 a 90%, tendo o melhor tratamento do experimento de campo (PI 227687 apresentado 90% de infecção. Há indicação, portanto, que a menor infecção observada nos genótipos no experimento de exposição natural seja resistência de campo, relacionada com a interação planta-tripes vetor.Brazilian bud blight, a soybean disease caused by the tobacco streak virus, is prevalent in a few areas in the States of Paraná and São Paulo. Although the virus is seed-transmitted, outbreaks of the disease are related to the presence of virus in donor plants in the weed vegetation and not to seed sources. Species of Frankliniella act as vectors. Thirty six soybean genotypes, about half of them known to have varying degrees of resistance to insects, were evaluated when exposed to natural infection by bud blight in five replicated plots sown in an area where medium to severe outbreaks of the virus had occurred in previous years. Incidence of bud blight was high in the experiment and reached 90% infection for some of the genotypes. Best genotypes for resistance to bud blight were PI 227687 (13% infection, IAC 73-228 (25%, IAC 80-1177 (36%, IAC 80-1191 and IAC 84-20-1 (both 38%, and PI 274453 (40%. The best five most resistant genotypes mentioned

  8. Sensibilidade de plantas de arroz ao herbicida bispyribac-sodium em função de doses e locais de aplicação Sensitivity of rice plants to bispyribac-sodium in function of rates and mode of application

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    G. Concenço

    2007-09-01

    Full Text Available A influência de concentrações de bispyribac-sodium, aplicadas na parte aérea ou nas raízes das plantas de arroz, foi avaliada. O experimento foi realizado em casa de vegetação, usando bispyribac-sodium nas doses de 0, 24, 48, 72, 96 e 120 ppb, aplicadas na parte aérea ou nas raízes de plantas de arroz BRS Pelota e BRS Bojuru. As unidades experimentais constaram de copos plásticos perfurados na lateral próximo ao fundo, com areia lavada, onde foram colocadas cinco sementes de arroz, e mantidas dentro de bandejas contendo água em nível imediatamente inferior ao nível de areia. Quando as plantas se encontravam no estádio de duas a três folhas definitivas, as soluções foram pulverizadas diretamente sobre as folhas. Para aplicação nas raízes, o herbicida foi colocado na água de irrigação. Quarenta dias após emergência, foram avaliados comprimento de plantas, matéria fresca e seca de parte aérea e raízes e volume do sistema radical. Os dados foram submetidos à análise de variância, com análise de regressão através de modelos polinomiais, quando significativos. O cultivar de arroz BRS Bojuru se mostrou mais sensível que o BRS Pelota ao incremento na dose de bispyribac-sodium, com efeito mais pronunciado quando aplicado diretamente às folhas. Em campo, devem-se evitar doses acima das recomendadas, principalmente quando do uso de cultivares japonica.The aim of this work was to evaluate the influence of bispyribac-sodium concentrations applied to shoot and roots of rice plants. The trial was conducted under controlled environment, using bispyribac-sodium at 0, 24, 48, 72, 96 and 120 ppb, applied to shoot or roots of rice plants cvs. BRS Pelota and BRS Bojuru. The experimental units were composed of plastic bottles with 500 mL capacity, drilled in the lateral next to the bottom, filled with washed sand, where five seeds were sowed, and the experimental units were put into a basin containing water at a lower level than

  9. DESENVOLVIMENTO INICIAL DE MUDAS DE Euterpe ssp. APÓS A APLICAÇÃO DE HERBICIDAS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    JULIANA ROBERTA GOBI QUEIROZ

    2016-02-01

    Full Text Available RESUMO O conhecimento sobre a aplicação de herbicidas em palmeiras frutíferas é quase inexistente. Assim, esta pesquisa teve como objetivo avaliar o desenvolvimento inicial de mudas de Euterpe oleraceae e Euterpe edulis após a aplicação de herbicidas.Foram conduzidos estudos em duas épocas (fevereiro de 2013 e janeiro de 2014 para cada espécie, no delineamento experimental inteiramente casualizado, com quatro repetições. Os tratamentos testados foram: fluazifop-p-butyl (93,8 g ha-1; sethoxydim (184 g ha-1; quizalofop-p-ethyl (75 g ha-1, (clethodim + fenoxaprop-p-ethyl (50 + 50 g ha-1; fomesafen (225 g ha-1; lactofen (168 g ha-1; nicosulfuron (50 g ha-1; MSMA (1.422 g ha, al-1ém de uma testemunha sem aplicação de herbicida. A pulverização foi realizada sobre as mudas que apresentavam altura entre 45 e 50 cm. Foram realizadas avaliações visuais de fitotoxidade, altura das plantas aos 7; 14; 21; 28; 35; 42 e 49 dias após a aplicação (DAAe ao final a massa seca da parte aérea.Visualmente, todos os herbicidas testados foram seletivos às duas espécies de palmeiras estudadas e quando ocorreram sintomas de injúrias(máximo 14%, estes dissiparam-se aos 49 DAA. Ao analisar-se a altura e o acúmulo de massa seca das plantas, observou-se que a palmeira E. oleracea foi mais tolerante aos herbicidas que a E. edulis. Todos os herbicidas testados podem ser recomendados para E. oleracea. Quanto à E. edulis, apenas os herbicidas sethoxydim, nicosulfuron e a mistura de clethodim + fenoxaprop-p-ethyl não afetaram o desenvolvimento inicial das mudas nos dois anos de estudos.

  10. Sorção do herbicida acetochlor em amostras de solo, ácidos húmicos e huminas de argissolo submetido à semeadura direta e ao preparo convencional Sorption of acetochlor herbicide by soil samples, humic acids and humin from an argisol under no-till and conventional tillage systems

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Miguel Vicente Weiss Ferri

    2005-10-01

    Full Text Available A sorção de herbicidas no solo é um dos processos determinantes na sua dinâmica no ambiente. Para compostos fracamente polares, como é caso do acetochlor, a matéria orgânica do solo constitui o principal sorvente. O objetivo deste estudo foi avaliar a sorção de acetochlor em amostras de solo, de ácidos húmicos e de huminas de um Argissolo Vermelho distrófico (PVd submetido à semeadura direta e ao preparo convencional. Isotermas de sorção foram obtidas em temperatura ambiente e a concentração do herbicida foi determinada por cromatografia líquida de alta eficiência. As amostras de solo foram caracterizadas pelos teores de C orgânico e de substâncias húmicas; os ácidos húmicos e huminas foram caracterizados por análise elementar. A capacidade de sorção de acetochlor foi superior no solo de semeadura direta (Kd = 1,22 ± 0,11 L kg-1, K OC = 116 ± 10 L kg-1 C em relação ao preparo convencional (Kd = 0,76 ± 0,08 L kg-1, K OC = 86 ± 8 L kg-1 C. Este comportamento foi relacionado, em parte, com o maior teor de C no solo tratado com semeadura direta. Nos ácidos húmicos de preparo convencional, a sorção (Kd = 178 ± 18,9 L kg-1, K OC = 352 ± 37 L kg-1C foi similar à verificada nos ácidos húmicos de semeadura direta (Kd = 158 ± 14,6 L kg-1, K OC = 321 ± 30 L kg-1 C; situação semelhante foi observada com as huminas. Dentre as frações húmicas avaliadas, as huminas apresentaram maior capacidade de sorção (Kd = 1.028 e 1.183 L kg-1, K OC = 2.691 e 2.892 L kg-1 C.The sorption of herbicides to soil is a process determinant of its dynamics in the environment. For weakly polar compounds such as acetochlor, organic matter represents the main sorbent in soil. The goal of this study was to evaluate the sorption of acetochlor on soil samples, humic acids and humin from an "Argissolo Vermelho distrófico" (PVd-Paleudult under no-till and conventional tillage systems. Sorption isotherms were carried out at room

  11. Comportamento do gramado submetido aos herbicidas clethodim e sethoxydim.

    OpenAIRE

    Cleber D. de G. Maciel; Juliana P. Poletine; Emanuel de L. Souza; Leandro de S. Alves; Rodrigo B. Ribeiro; Michel A. Raimondi

    2007-01-01

    O principal fator do custo de manutenção de um gramado é o corte na altura adequada. O crescimento vegetativo e reprodutivo do gramado formado com grama-batatais (Paspalum notatum Flügge), submetido às doses de clethodim e sethoxydim foi avaliado em dois experimentos conduzidos no campus urbano da Escola Superior de Agronomia de Paraguaçu Paulista-ESAPP (SP), em gramado já estabelecido. Foi utilizado o delineamento experimental de blocos casualizados com seis tratamentos e quatro repetiçõe...

  12. Persistência de herbicidas dessecantes aplicados em milho transgênico sobre Trichogramma pretiosum Riley, 1879 (Hymenoptera: Trichogrammatidae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael Antonio Pasini

    Full Text Available RESUMO O milho é um dos cereais mais cultivados no mundo e para a obtenção de altas produtividades é imprescindível o controle adequado das plantas daninhas. Contudo, a utilização de herbicidas pode comprometer os efeitos benéficos da ação dos inimigos naturais, entre eles o parasitoide de ovos Trichogramma pretiosum. O objetivo deste trabalho, foi estimar a duração da atividade nociva de herbicidas dessecantes aplicados em milho transgênico ao parasitoide T. pretiosum através de testes de persistência. Foram realizados bioensaios em laboratório, expondo-se os adultos do parasitoide aos resíduos dos herbicidas, utilizando-se as metodologias propostas pela "International Organization for Biological Control of Noxious Animals and Plants" (IOBC. Os herbicidas foram pulverizados sobre as folhas das plantas de milho transgênico, que foram levadas ao laboratório para a confecção de gaiolas de exposição, onde adultos de T. pretiosum foram expostos aos 3; 10; 17; 24 e 31 dias após esta aplicação. Foi utilizado o delineamento inteiramente casualizado, com quatro repetições para cada tratamento. A redução do parasitismo em relação à testemunha foi utilizada para classificar os agrotóxicos quanto à seletividade e, posteriormente quanto à persistência. Os herbicidas dessecantes à base de sal de isopropilamina (Glifosato® Atanor 48, Gli-Up® 480 SL, Roundup® Original, Roundup® Transorb, Roundup® WG, Shadow® 480 SL, Stinger® e Trop®, sal de potássio (Zapp® Qi 620 e de sal de amônio (Finale® foram considerados de vida curta, tendo menos de cinco dias de atividade nociva sobre o parasitoide. Assim, liberações inundativas de T. pretiosum podem ser realizadas aos três dias após pulverização destes herbicidas dessecantes.

  13. Sinergismo potencial entre herbicidas inibidores do fotossistema II e da síntese de carotenóides

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kruse Nelson Diehl

    2001-01-01

    Full Text Available Herbicidas inibidores do transporte de elétrons na fotossíntese geram estresse oxidativo. Esse estresse normalmente é amenizado pela ação dos carotenóides que dissipam a energia acumulada na forma de calor. Assim, hipotetiza-se que misturas entre herbicidas inibidores do transporte de elétrons, em nível do fotossistema II, e inibidores da síntese de carotenóides possam resultar em sinergismo. O objetivo deste trabalho foi verificar a existência de sinergismo em misturas com herbicidas pertencentes aos dois mecanismos de ação acima mencionados. Para tanto, foram conduzidos dois experimentos: um, com a cultura do milho, nos EUA, em 1998; e outro com cultura da soja, no Brasil, em 1998/99. No experimento com milho, testou-se isoxaflutole nas doses de 0 e 52,5g ha-1 e atrazine nas doses de 0 e 840g ha-1, isolados e em mistura. No experimento com soja, testou-se metribuzin, nas doses de 0 e 280g ha-1, e clomazone, nas doses de 0 e 560g ha-1, isolados e em mistura, bem como tratamentos adicionais isolados de metribuzin 560g ha-1, clomazone 1.120g ha-1 e testemunha capinada. Na cultura do milho, foram avaliadas as densidades de Abutilon theophrasti (ABUTH, Ipomoea hederacea (IPOHE e Amaranthus retroflexus (AMARE aos 52 dias após a aplicação dos herbicidas (DAA e o rendimento de grãos de milho. Na cultura da soja, foram avaliadas aos 55 DAA, a porcentagem de cobertura e controle de Bidens pilosa (BIDPI, sua densidade aos 30 e 55 DAA, além de massa seca, área foliar e rendimento de grãos de soja. Os resultados indicaram a ocorrência de antagonismo entre os herbicidas, no controle de ABUTH e IPOHE, mas sinergismo entre os mesmos, quando se considera o rendimento de grãos de milho. Para BIDPI, verificou-se sinergismo entre os herbicidas nos percentuais de cobertura e controle, sem valores conclusivos nas demais variáveis. Conclui-se que, embora seja complexa a comprovação de sinergismo a campo, os resultados indicam, ao menos para

  14. Efeito de herbicidas sobre agentes fitopatogênicos = Effect of herbicides on phytopathogenic agents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Dias Rosa

    2010-07-01

    Full Text Available Na agricultura moderna, diversas tecnologias auxiliam no aumento daprodutividade, sendo o herbicida uma delas, mas existem consequências atreladas ao seu uso, como os diversos efeitos sobre organismos não alvos. Neste trabalho, objetivou-se verificar esses efeitos sobre agentes fitopatogênicos, assim como avaliar o efeito do herbicida glyphosate sobre diversas doenças, em plantas de soja transgênicas.Verificou-se forte ação fungicida com o uso do herbicida glyphosate, assim como os outros avaliados “in vitro”, sobre os fungos testados, e os mesmos resultados foram observados nas plantas em condição de campo.In modern agriculture, several technologies have helped increase productivity, and herbicide is one of them. However, there are consequences linked to its use, such as the various effects on non-target organisms. The purpose of this work was to verify these effects on phytopathogenic agents, as well as assess the effect of glyphosate on diseases in transgenic soybean. There was a strong fungicide action using glyphosate herbicide as well as with the others evaluated in vitro regarding fungi tested. The same results were observed in plants in field conditions.

  15. Susceptibilidade de espécies de plantas com potencial de fitorremediação do herbicida sulfentrazone

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Carlos Madalão

    2013-02-01

    Full Text Available Dentre as novas tecnologias, a fitorremediação é opção para a descontaminação de áreas que receberam intensas aplicações de herbicidas. Este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de selecionar espécies com potencial para a fitorremediação de solos contaminados com o herbicida sulfentrazone. As espécies testadas foram: Calopogonium mucunoides, híbrido de sorgo (Sorghum bicolor x Sorghum sudanense, Crotalaria breviflora, Crotalaria juncea, Canavalia ensiformis, Dolichos lablab, Stizolobium deeringianum e Stizolobium aterrimum, cultivadas em cinco doses do sulfentrazone (0, 200, 400, 800 e 1.600 g ha-1. O experimento foi instalado em casa de vegetação, utilizando-se vasos com capacidade para 6 L, preenchidos com amostras de solo coletadas na profundidade de 0-20 cm. Foram avaliadas a fitotoxicidade do herbicida, a altura de plantas e a massa de matéria seca da parte aérea e de raízes. As espécies que manifestaram os menores sintomas de fitotoxicidade e os maiores índices de altura e matéria fresca e seca foram C. juncea, C. ensiformis e D. lablab, sendo selecionadas como tolerantes ao herbicida sulfentrazone e com potencial para fitorremediação.

  16. La estructura resistente en la arquitectura actual

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manterola Armisén, J.

    1998-10-01

    Full Text Available A significant portion in nowadays architecture uses the resistant structures as a fundamental element conveying expression to a building. Resistant structures usually designed, calculated and built by engineers are in some occasions -those that draw our attention now- designed by architects who stress the plastic dimension. Sometimes architects have just tried to soften the elementality of the resistance per se. To abandon the quantitative element to get centered in the qualitative and expressive is a leitmotiv in the architectural proceedings that has been brilliantly fruitful in many an occasion -notice Frei Otto's work among others- but that, in other cases, damages the understanding of the resistant aspect by excessively priorizing the structure appearance upon the structure itself. This article makes a critical account of a series of structures in recent buildings, classified by resistance typologies, flat or spatial trusses, frames, domes, hanging and distensible roofs, tensigrity structures, etc., preceded by a retrospect on how resistance has been traditionally understood.

    Una parte de la arquitectura actual se caracteriza por utilizar la estructura resistente como el elemento expresivo fundamental del edificio. Las estructuras resistentes, diseñadas, calculadas y construidas hasta ahora por ingenieros, han pasado, en algunas ocasiones -las que aquí nos interesan-, a ser diseñadas por arquitectos que acentúan su dimensión plástica. En otras ocasiones los arquitectos se han reducido a dulcificar la elementalidad de lo resistente en cuanto tal. El abandono de lo cuantitativo, para centrarse en lo cualitativo y expresivo, es el "leit motiv" de ese proceder arquitectónico que ha dado frutos muy brillantes en bastantes ocasiones, no hay sino que ver el trabajo de Frei Otto y otros, pero que, en otros casos, perjudican el entendimiento de lo resistente al primar, excesivamente, la apariencia de estructura sobre lo que es la

  17. Quantidade de chuva e lixiviação do herbicida metribuzin através de planta bioindicadora

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio C. da Silva Junior

    2015-06-01

    Full Text Available RESUMO Objetivou-se, neste trabalho, avaliar o potencial de lixiviação do herbicida metribuzin com precipitações pluviométricas naturais, em dois solos com texturas contrastantes, argiloso e médio arenoso, em condições de campo, através de planta bioindicadora. Colunas de PVC foram introduzidas nos dois solos. Manteve-se a integridade original do solo durante a coleta das amostras, que ocorreu após o acúmulo das precipitações em um intervalo estipulado ao ambiente entre 30-40, 60-80 e 100-120 mm de chuva. As colunas foram separadas com corte longitudinal para a semeadura da espécie bioindicadora (25 plantas. Após a semeadura avaliações de fitotoxicidade das plantas bioindicadoras foram realizadas aos 5, 7, 10 e 12 dias após a semeadura, através de uma escala de notas de 0 a 100%. A lixiviação do herbicida metribuzin foi dependente da precipitação recebida para os dois tipos de solo estudados. A eficácia da planta bioindicadora dependeu do tipo de solo e da precipitação. A metodologia de utilização de plantas bioindicadoras mostrou-se eficiente para avaliação da mobilidade de herbicida no perfil do solo.

  18. Use of herbicides on turfgrass Uso de herbicidas em gramados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J.S. McElroy

    2013-06-01

    Full Text Available In crop production, weeds must be controlled so as not to adversely affect crop yield and crop quality. Thus, a low level of weeds infesting a field, in most instances, is not a problem. Except in sod or seed production, turfgrass does not have a yield component. The value of turfgrass is its inherent aesthetic quality and usability. Aesthetic quality is the beauty and value that turfgrass adds to a managed landscape. Usability can be the durability of a sport field, trueness of golf putting green roll, or reduction in soil loss from water runoff or wind. Any weed presence in turfgrass can decrease the aesthetic quality and usability of turfgrass. Utilizing herbicides is the only way to completely control weeds in a turfgrass stand. While it is possible to reduce weed populations using cultural or mechanical management practices, it is impossible to completely eliminate weeds as can be accomplished with herbicides. This manuscript will review the major herbicides used in turfgrass in the United States with respect to their modes of action, herbicide family, and primary use in turfgrass.Nas culturas agrícolas as plantas daninhas devem ser controladas de modo a não afetar negativamente o rendimento e a qualidade do produto colhido. Deste modo, quantidades pequenas de plantas daninhas em um campo, na maioria dos casos, não é um problema, exceto na produção de sementes. Ressalta-se que em gramados não existe um componente de produção a se colhido. O valor do gramado é a sua qualidade inerente a estética e usabilidade. Qualidade estética é a beleza e o valor que acrescenta ao gramado em uma paisagem gerenciada. Usabilidade pode ser a durabilidade de um campo de esporte ou a redução na perda de solo pela erosão da água ou do vento. A presença de qualquer planta daninha em gramados pode diminuir a qualidade estética e usabilidade do gramado. Enquanto for possível reduzir a população de plantas daninhas utilizando pr

  19. La estructura resistente de los edificios altos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manterola Armisen, Javier

    1985-06-01

    Full Text Available If we only think about the resistance problem, a building could be considered as a great vertical console. The resistant exigencies of this huge console are as pressing as the building grows up and its fitting to the functional needs are more difficult. This study reviews the different resistant typologies, from the normal porch structure of medium size buildings to the "tube into the tube" and total laminar structures corresponding to the higher buildings which are already built, or are to be built. It also makes an analysis on the manner in which each typology resist, and shows examples of constructed buildings.Si consideramos únicamente el problema resistente, un edificio alto podría considerarse como una gran ménsula vertical. Las exigencias resistentes de esta gran ménsula son más apremiantes conforme el edificio crece en altura y su acoplamiento a las necesidades funcionales del edificio más difícil. En este artículo se pasa revista a las diversas tipologías resistentes, desde la estructura aporticada normal de los edificios de altura moderada hasta el "tubo en el tubo" y estructuras laminares totales correspondientes a los más altos edificios construidos y por construir. Se hace un análisis de la forma de resistir de cada una de las tipologías ilustrándolas con ejemplos de edificios construidos.

  20. Estratégias de manejo de inverno e verão visando ao controle de Conyza bonariensis e Bidens pilosa Winter and summer management strategies for Conyza bonariensis and Bidens pilosa control

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.M. Oliveira Neto

    2010-01-01

    Full Text Available Conyza bonariensis é uma das principais plantas daninhas da região Sul do País; com a seleção de biótipos tolerantes e resistentes ao herbicida glyphosate, demandas são crescentes por alternativas de manejo para essa espécie. Com esse intuito, o objetivo do presente trabalho foi avaliar a eficiência de diferentes estratégias de manejo de inverno e de verão sobre o controle de Conyza bonariensis, utilizando a mistura em tanque de glyphosate+2,4-D associada ou não com herbicidas residuais. As combinações de manejo foram realizadas após a colheita do milho safrinha (manejo de inverno, associadas a manejos antecedendo a semeadura da soja (manejo de verão, totalizando 15 tratamentos. Os manejos de inverno avaliados foram eficientes na dessecação das plantas daninhas e mantiveram excelentes níveis de controle residual até a pré-semeadura da cultura da soja. A semeadura da aveia após o manejo de inverno com posterior manejo de verão com glyphosate+2,4-D+diclosulam mostrou-se eficiente no controle de Bidens pilosa. Em todos os manejos em que o herbicida 2,4-D foi associado ao glyphosate houve controle total de Conyza bonariensis.Conyza bonariensis is one of the most important weeds in southern Brazil. The selection of biotypes tolerant and resistant to the herbicide glyphosate has led to increasing demand for alternatives of management strategy to control this species. This work aimed to evaluate the efficiency of different winter and summer management strategy for the control of Conyza bonariensis, by using glyphosate + 2,4-D tank mixtures combined or not with residual herbicides. The different burndown alternatives were applied after corn harvest (winter burndown, associated to applications before soybean sowing (summer burndown with a total of 15 treatments. Winter burndown options evaluated in this research were efficient in weed desiccation and provided excellent levels of residual weed control up to the next summer soybean

  1. Biologia e resistência a herbicidas de espécies do gênero Conyza / Biology and herbicide resistance of Conyza species

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Oscar Mitsuo Yamashita

    2011-08-01

    Full Text Available Buva é o nome popular de plantas daninhas do gênero Conyza pertencentes à família Asteraceae e representadas no Brasil particularmente por duas espécies Conyza canadensis e Conyza bonariensis. Ambas infestam áreas de cultivo agrícola, além de campos, áreas de pastagem e áreas não-cultivadas. Suas características biológicas como a produção de grande quantidade de sementes viáveis, capacidade em se desenvolver sob palhada e dispersão a longas distâncias, tornam-se importantes infestantes em áreas de cultivo, especialmente em sistema de semeadura direta (SSD. Com essa prática, visando à manutenção da cobertura vegetal e o não revolvimento do solo, o manejo de plantas daninhas se limitou ao controle químico. Essas duas espécies, adaptadas às características de SSD, sofreram pressão de seleção devido à intensa e repetida utilização dos mesmos herbicidas, surgindo e se multiplicando biótipos resistentes a diversos ingredientes ativos. O conhecimento da ecofisiologia das espécies permite o desenvolvimento e implantação de práticas culturais adequadas para reduzir os efeitos negativos da infestação cada vez maior de Conyza. Dada à importância dessas espécies nos agroecossistemas, e a necessidade de informações sobre a sua biologia germinativa, objetivou-se nesta revisão, descrever as características morfo-fisiológicas dessas espécies, além de relatar o desenvolvimento da resistência a herbicidas.AbstractHorseweed is the popular name of weeds belonging to Asteraceae family and represented in Brazil, particularly by two species: Conyza canadensis and Conyza bonariensis. Both species infest areas of agricultural crop, besides fields, pasture and no-cultivated areas. Their biological characteristics as the production of great amount of viable seeds, ability in develop under straw and dispersion over long distances make them important in the no till system. Due to the practice of maintenance of the

  2. Características fenotípicas da hipertensão arterial resistente na população brasileira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Cabral de Faria

    2013-06-01

    Full Text Available Hipertensão resistente (HAR é definida como a pressão arterial que permanece acima da meta pressórica, apesar do uso de três classes de anti-hipertensivos em doses otimizadas, sendo um deles um diurético. Além disso, são considerados também hipertensos resistentes os pacientes que usam quatro ou mais classes e possuem suas pressões controladas. Embora essa definição seja útil na categorização de um maior grupo de resistentes, visto esses dois subgrupos compartilharem alto risco cardiovascular, algumas importantes particularidades clínicas e fisiopatológicas necessitam ser mais bem avaliadas antes de resistentes controlados e não controlados pertencerem ao mesmo grupo. Foram comparadas algumas características cardiovasculares nesses dois subgrupos de hipertensos resistentes. Embora algumas semelhanças, o subgrupo HRNC apresenta fenótipos cardiovasculares com pior prognóstico como maior rigidez vascular e hipertrofia ventricular esquerda, além de função endotelial mais prejudicada e menor queda de pressão arterial no período noturno, entre outras. Frente às diferenças, o subgrupo HRNC está associado à maior risco cardiovascular, podendo ser considerado mais resistente ao tratamento anti-hipertensivo. Além da importância de melhor prevenção e tratamento da HAR com medidas de identificar precocemente os fatores de risco e otimizar a terapia farmacológica, algumas implicações clínicas devem ser consideradas na abordagem de pacientes controlados e não controlados como semelhantes ao grupo de resistentes.

  3. Susceptibility testing of Candida albicans isolated from oropharyngeal mucosa of HIV+ patients to fluconazole, amphotericin B and Caspofungin: killing kinetics of caspofungin and amphotericin B against fluconazole resistant and susceptible isolates Teste de suscetibilidade de Candida albicans isoladas da mucosa orofaringeana de pacientes HIV+, ao fluconazol, anfotericcina B e caspofungina: cinética de morte de caspofungina e anfotericina B contra isolados fluconazol resistentes e suscetíveis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Janine de Aquino Lemos

    2009-03-01

    morte obtidos com caspofungina e anfotericina B de isolados suscetíveis e resistentes ao fluconazol. Os resultados de CIM mostraram que todos os isolados de Candida albicans foram altamente suscetíveis à anfotericina B, entretanto dois isolados foram fluconazol resistentes. A análise comparativa de CIM e da CFM mostrou que o CFM de fluconazol foi quatro vezes superior à CIM para 41,9% dos isolados de Candida albicans. Valores iguais de CFM e CIM de anfotericina B e caspofungina foram encontrados para 71% dos isolados. Correlação entre a curva do tempo de morte e a CFM de anfotericina B e caspofungina contra quatro isolados testados foi observada. O efeito de morte de caspofungina foi mais evidente na CFM até 6 horas de incubação do que na CIM nesse mesmo tempo, sugerindo a dependência da concentração. A similaridade dos resultados da curva do tempo de morte e os valores de CFM indicam que a determinação da CFM é uma escolha alternativa na detecção da atividade fungicida destes agentes antifúngicos.

  4. Caracterización morfológica y contenido de almidón resistente y disponible en bananos (Musa sapientum) exportables del Ecuador

    National Research Council Canada - National Science Library

    Martínez-Mora, Edison Omar

    2015-01-01

    ... en almidón resistente (AR) y disponible (AD), de las variedades de banano de exportación: Cavendish (AC), Filipino (AF), Orito (AO) y Valery (AV).Material y Métodos: Se determinó tamaño y forma del gránulo de almidón a través de microscopia...

  5. Eficácia de herbicidas inibidores da ACCase no controle de gramíneas em lavouras de soja

    OpenAIRE

    Barroso,A.L.L.; Dan,H.A.; Procópio,S.O.; Toledo,R.E.B.; Sandaniel,C.R.; Braz,G.B.P.; Cruvinel,K.L.

    2010-01-01

    Objetivou-se com este trabalho avaliar a eficácia de herbicidas inibidores da ACCase, aplicados isoladamente ou em associações, no controle das espécies de plantas daninhas pertencentes à família das gramíneas Brachiaria decumbens, Digitaria ciliaris, Eleusine indica, Brachiaria plantaginea e Cenchrus echinatus, na cultura da soja. O experimento foi conduzido em campo, em delineamento de blocos ao acaso com quatro repetições. Os tratamentos avaliados foram: clethodim (84 g ha-1), clethodim + ...

  6. Fitorremediação do herbicida trifloxysulfuron sodium Phytoremediation of the herbicide trifloxysulfuron sodium

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J.B. Santos

    2004-06-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo avaliar a eficiência de espécies vegetais na fitorremediação do herbicida trifloxysulfuron sodium em solos, utilizando o milho como planta indicadora. Os tratamentos foram compostos pela combinação de espécies (Calopogonium muconoides, Crotalaria juncea, Crotalaria spectabilis, Vicia sativa, Cajanus cajan, Canavalia ensiformis, Helianthus annus, Dolichus lablab, Pennisetum glaucum, Stylosantes guianensis, Mucuna deeringiana, Mucuna cinereum, Mucuna aterrima, Raphanus sativus e Lupinus albus, semeadas anteriormente à cultura do milho, mais um tratamento controle (sem cultivo prévio e três doses do herbicida trifloxysulfuron sodium (0,00; 3,75; e 15,00 g ha-1. O delineamento experimental usado foi o de blocos ao acaso, em esquema fatorial, sendo utilizadas três repetições. A semeadura das espécies vegetais nos vasos foi feita no dia seguinte à aplicação do trifloxysulfuron sodium. Após 80 dias da semeadura, as espécies vegetais foram cortadas na altura do coleto, descartando-se a sua parte aérea. A seguir, foi realizada a semeadura do milho (cultivar AG-122. Aos 45 dias após a emergência das plantas de milho foram avaliadas a altura de plantas e a sua biomassa seca da parte aérea. Verificou-se que as espécies M. aterrima e C. ensiformis foram eficientes na descontaminação do herbicida trifloxysulfuron sodium em solo.This work aimed to evaluate the efficiency of plant species in the phytoremediation of the herbicide trifloxysulfuron sodium in soils, by using corn crop as a bioindicator. The treatments were composed by the combination of the species (Calopogonium muconoides, Crotalaria juncea, Crotalaria spectabilis, Vicia sativa, Cajanus cajan, Canavalia ensiformis, Helianthus annus, Dolichus lablab, Pennisetum glaucum, Stylosantes guianensis, Mucuna deeringiana, Mucuna cinereum, Mucuna aterrima, Raphanus sativus and Lupinus albus sowed before the corn, without previous cultivation (control

  7. Efeito da seleção em terreno naturalmente infestado pela fusariose no melhoramento de variedades de algodoeiro resistentes ao patógeno The improvement of cotton varieties resistant to fusarium wilt by means of plant selection in naturally infested soils

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Popilio A. Cavaleri

    1968-01-01

    Full Text Available A seleção individual de plantas em terrenos naturalmente infestados pela "murcha", moléstia provocada por Fusarium oxysporumf. vasinfectum (Atk. Snyder & Hansen, e subseqüente teste de progênies em semelhantes condições, mostrou ser método viável no melhoramento de variedades resistentes a essa moléstia. A variedade IAC RM4, cuja obtenção através dêsse método é descrita, suplantou a variedade original Auburn 56, em 17 ensaios regionais, não só em resistência à moléstia como em tôdas as características de valor cultural e tecnológicas. É discutida a conveniência de o trabalho de seleção ser feito em terrenos naturalmente infestados, localizados nas zonas produtoras de algodão, tendo em vista a necessidade de efetuar grande número de seleções individuais, para que um melhoramento efetivo, considerado em todos os aspectos, além da resistência à moléstia, possa ser obtido.Individual plant selection, followed by progeny tests, in naturally infested soil located in cotton growing areas of the State of São Paulo, revealed to be a viable method to improve cotton varieties, resistant to Fusarium wilt. IAC RM4 variety, obtained by this method, was superior to the paternal variety, Auburn 56, in fiber and agronomic characteristics, besides resistance to Fusarium wilt. The effectivenness of this method is discussed on the basis of the great number of plants that is possible to be selected, a factor which is limitant in the case of artificial inoculation.

  8. Ecotoxicidade de herbicidas para a macrófita aquática (Azolla caroliniana Ecotoxicity of herbicides for the aquatic macrophyte (Azolla caroliniana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.F. Silva

    2012-09-01

    Full Text Available Os objetivos deste estudo foram avaliar Azolla caroliniana como planta-teste em estudos ecotoxicológicos e estimar a CL50;7d dos herbicidas 2,4-D, glyphosate, clomazone e oxyfluorfen. As plantas foram aclimatadas em sala de bioensaio. Para isso, foram selecionadas cinco plantas em 50 mL de meio de cultivo Hoagland. Após esse período, foram adicionados 50 mL de Hoagland mais o herbicida, completando o volume para 100 mL. A concentração letal de 50% (CL50;7d para A. caroliniana exposta ao herbicida 2,4-D foi de 708,35 mg L-1; ao glyphosate (formulação Scout®, de 23,66 mg L-1; ao glyphosate (formulação Trop®, de 38,91 mg L-1; ao clomazone, de 129,63 mg L-1; e ao oxyfluorfen, de 80,50 mg L-1. Os herbicidas glyphosate (Scout® e Trop® e oxyflourfen foram classificados como moderadamente tóxicos a A. caroliniana, e o clomazone e o 2,4-D, como praticamente não tóxicos. Conclui-se que A. caroliniana pode ser utilizada como planta bioindicadora de herbicidas à base de glyphosate e oxyfluorfen.The objectives of this study were to evaluate Azolla caroliniana as test plant in ecotoxicological studies and to estimate the LC50; 7d of the herbicides 2,4 D , glyphosate, and clomazone oxyfluorfen. The plants were acclimatized in the bioassay room. Five plants in 50 mL Hoagland culture medium were selected. After that, 50 mL of Hoagland and the herbicide were added, completing the volume to 100 mL. The 50% lethal concentration (LC50; 7d for A. caroliniana exposed to the herbicide 2,4- D, was 708.35 mg L-1; to glyphosate (formulation Scout®, 23.66 mg L-1; to glyphosate (formulation Trop®, 38.91 mg L-1; to clomazone, 129.63 mg L-1; and to oxyflourfen, 80.50 mg L-1. The herbicides glyphosate (Scout® and Trop® and oxyflourfen were classified as moderately toxic to A. caroliniana, while clomazone and 2,4-D were classified as practically non-toxic. It was concluded that A. caroliniana plants can be used as bio-indicators for glyphosate and

  9. Amido resistente e suas propriedades físico-químicas Resistant starch and its physicochemical properties

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre Rodrigues Lobo

    2003-06-01

    Full Text Available A partir da década de 80, começou a ser observado que uma fração do amido escapava da digestão no intestino delgado e chegava ao cólon, onde servia de substrato para a flora bacteriana. Essa fração foi denominada amido resistente e, a partir de então, constatou-se que determinados efeitos fisiológicos, inicialmente atribuídos às fibras alimentares, poderiam também ser atribuídos ao amido resistente. Vários fatores podem estar envolvidos na sua formação e eles, por sua vez, afetam a sua resposta fisiológica. Deste modo, torna-se importante o conhecimento dos aspectos físico-químicos envolvidos na formação do amido resistente.Since the 1980s, it has been observed that a starch fraction was not digested in the small intestine, reaching the colon as a substrate for the bacterial flora. This fraction was called resistant starch and, from this time on, it was noticed that certain physiological effects, initially attributed to the dietary fiber, could also be attributed to the resistant starch. Several factors can be involved in its formation, and they, in turn, affect its physiological response. Therefore, the knowledge on the physicochemical aspects involved in the formation of the resistant starch becomes important.

  10. Resposta fisiológica de espécies de eucalipto cultivadas em solo tratado com herbicidas mimetizadores de auxinas

    OpenAIRE

    Barros, R.E.; L.D. Tuffi Santos; Cruz,L.R.; Faria, R. M.; Costa, C. A.; FELIX,R. C.

    2014-01-01

    Objetivou-se neste trabalho avaliar a persistência e o risco de intoxicação de espécies de eucalipto para mistura de herbicidas picloram + 2,4-D em aplicação prévia ao plantio florestal. O experimento foi implantado em campo, em delineamento inteiramente casualizado com 6 repetições, no esquema fatorial 4 x 5, com quatro espécies (Eucalyptus urophylla, E. globulus, E. saligna e Corimbia citriodora) e cinco doses de herbicida à base de picloram + 2,4-D (64 + 240gL-1 ): 0, 3, 4, 5 e 6Lha-1 do p...

  11. Análisis de la sensibilidad de biotipos de Lolium multiflorum a herbicidas inhibidores de la enzima ALS, ACCasa y Glifosato Sensitivity analysis of Lolium multiflorum biotypes to Glyphosate, ACCase and ALS-inhibiting herbicides

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P. Diez De Ulzurrun

    2012-09-01

    Full Text Available A pesar de los avances logrados en el control de las malezas con el uso de herbicidas, el manejo de las mismas no se simplificó, sino que, al contrario, surgieron nuevos desafíos, como la aparición de resistencia a herbicidas. En 2007, se reportó en Lolium multiflorum el segundo caso de resistencia a glifosato detectado en Argentina. En el sudeste de la provincia de Buenos Aires se registraron fallas de control a campo en poblaciones de Lolium multiflorum debido a su resistencia a distintos herbicidas de las familias de los inhibidores de ALS y de ACCasa y al herbicida glifosato. El objetivo de este estudio fue caracterizar el nivel de resistencia a ciertos herbicidas inhibidores de la ALS y de la ACCasa y al glifosato en una población de L. multiflorum de Lobería (Bs As, Argentina supuestamente resistente (LmR. Se realizaron bioensayos en cajas de Petri y se determinó la GR50 mediante la variación en la longitud de coleoptile. Las curvas de dosis-respuesta se obtuvieron por medio de la ecuación log-logística. El biotipo LmR presentó resistencia múltiple a herbicidas con tres modos de acción diferentes: glifosato, inhibidores de ALS y de ACCasa. Dicho ensayo demostró la aparición de un biotipo de L. multiflorum con resistencia a múltiples principios activos.Despite progress in weed control using herbicides, management has not been simplified, but new challenges such as herbicides resistance have arisen. In 2007, a Lolium multiflorum population resistant to glyphosate was reported, as the second case of glyphosate resistant weeds in Argentina. In the southeast of Buenos Aires province, control failures in populations of L. multiflorum to different families of herbicide such as ALS and ACCase inhibitors and to glyphosate at field level have been registered. The aim of this study was to characterize the level of resistance to certain herbicides inhibitors of ALS, ACCase and glyphosate in a putatively resistant (LmR population of L

  12. Seletividade de herbicidas a genótipos de cana-de-açúcar Herbicide selectivity to sugarcane genotypes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L Galon

    2009-12-01

    Full Text Available A cultura da cana-de-açúcar, por ter desenvolvimento inicial lento até 60 dias após a emergência, apresenta pouca capacidade competitiva com as plantas daninhas. Por isso, o uso de herbicidas nesse período é prática comum no canavial. No entanto, há variação entre genótipos de cana-de-açúcar na tolerância a herbicidas. Os genótipos pouco tolerantes podem ser intoxicados e, em alguns casos, ocorre redução da produtividade da cana-deaçúcar. Neste trabalho, avaliou-se a tolerância de três genótipos aos herbicidas ametryn, trifloxysulfuron-sodium e à mistura comercial desses, em 0,0, 0,5, 1,0 e 3,0 vezes a dose comercial recomendada. O experimento foi realizado em ambiente protegido. Foi empregado o delineamento experimental inteiramente casualizado, com quatro repetições. Os tratamentos constaram dos genótipos SP80-1816, RB855113 e RB867515, combinados aos herbicidas ametryn, trifloxysulfuron-sodium e ametryn + trifloxysulfuron-sodium, nas doses de 0, 0,5, 1,0 e 3,0 vezes a dose comercial recomendada pelo fabricante. A intoxicação das plantas (% foi avaliada aos 14, 28 e 42 dias após a aplicação dos herbicidas (DAT. As outras variáveis aferidas aos 80 dias após a brotação das gemas foram: área foliar e massa da matéria seca da parte aérea. Em geral, os genótipos SP80-1816 e RB85513 foram menos tolerantes aos herbicidas ametryn, trifloxysulfuron-sodium e à mistura formulada de ametryn + trifloxysulfuron-sodium do que o RB867515 em todas as doses. Eles apresentaram elevados índices de intoxicação aos 14, 28 e 42 dias após a aplicação dos herbicidas. Concluiu-se que o genótipo RB855113 foi o mais sensível aos herbicidas, seguido pelo SP80-1816, sendo o RB867515 o mais tolerante.Due to a slow initial development up to 60 days after emergence, sugarcane shows little competitive capacity over weeds. Thus, the use of herbicides during this period is a common practice in the sugarcane crop. However, there is

  13. Crescimento de dois cultivares de soja submetidos a aplicações de herbicidas e fungicidas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guy Mitsuyuki Tsumanuma

    2010-12-01

    Full Text Available Existem relatos de que a aplicação de fungicidas do grupo das estrobilurinas na cultura da soja tem trazido aumento de produtividade mesmo em locais sem incidência de doenças, indicando que as alterações de ordem fisiológica devem ser quantificadas. Este estudo foi desenvolvido com o objetivo de avaliar o crescimento de dois cultivares de soja (MG/BR46 Conquista e BRS Valiosa RR submetidos a aplicações de herbicidas e fungicidas (estrobilurinas e/ou triazóis. Dois experimentos foram desenvolvidos em campo com esquema de tratamentos em parcelas subdivididas no tempo (5 x 12, em que nas parcelas foram alocadas cinco combinações de herbicidas (glyphosate a 720 g ha-1 ou sethoxydim (230 g ha-1 + bentazon + chlorimuron-ethyl (480 + 11,25 g ha-1 e fungicidas (pyraclostrobin a 75 g ha-1, epoxiconazole a 50 g ha-1 ou pyraclostrobin + epoxiconazole (66,5 + 25 g ha-1; e como subparcelas foram consideradas as datas de avaliação entre 30 e 120 dias após semeadura. A aplicação de herbicidas não alterou o crescimento dos cultivares de soja. A aplicação de fungicidas do grupo das estrobilurinas associado a triazóis promoveu maior acúmulo de massa de matéria seca e área foliar. Ainda a aplicação desses fungicidas em R2 (pleno florescimento e R5.1 (enchimento de grãos resultou em maiores valores de taxas de crescimentos absoluto e relativo, assimilatória líquida e de crescimento da cultura em período próximo ao final do ciclo da cultura, diferenciando, inclusive, dos tratamentos com aplicação somente de triazóis.

  14. HERBICIDAS INIBIDORES DO FOTOSSISTEMA II – PARTE I /\tPHOTOSYSTEM II INHIBITOR HERBICIDES - PART I

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    ILCA P. DE F. E SILVA

    2013-11-01

    Full Text Available O controle químico tem sido o mais utilizado em grandes áreas de plantio, principalmente por ser um método rápido e eficiente. Os herbicidas inibidores do fotossistema II (PSII são fundamentais para o manejo integrado de plantas daninhas e práticas conservacionista de solo. A aplicação é realizada em pré-emergência ou pós-emergência inicial das plantas daninhas. A absorção é pelas raízes, tendo como barreira as estrias de Caspari, sendo a translocação realizada pelo xilema. O processo de absorção e translocação também são dependentes das próprias características do produto, como as propriedades lipofílicas e hidrofílicas, as quais podem ser medidas através do coeficiente de partição octanol-água (Kow. A inibição da fotossíntese acontece pela ligação dos herbicidas deste grupo ao sítio de ligação da QB, na proteína D1 do fotossistema II, o qual se localiza na membrana dos tilacóides dos cloroplastos, causando, o bloqueia do transporte de elétrons da QA para QB, interrompendo a fixação do CO2 e a produção de ATP e NAPH2.

  15. Uso de diferentes herbicidas no controle de Myriophyllum aquaticum Chemical Control of Myriophyllum aquaticum

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    E. Negrisoli

    2003-01-01

    Full Text Available Este estudo teve a finalidade de avaliar, em condições de caixa d'água, o controle químico de Myriophyllum aquaticum (pinheiro-d'água, através de herbicidas aplicados em pós-emergência. Os herbicidas e respectivas doses (g ha-1 foram: diquat (Reward a 204 g i.a. ha-1; diquat a 102 e 204 g i.a. ha-1 + Agral a 0,1%; 2,4-D (DMA 806 BR a 167, 335, 670 e 1.340 g e.a. ha-1; glyphosate (Rodeo a 3.360 g e.a. ha-1 + Aterbane a 0,5%; e imazapyr (Arsenal a 250 g e.a. ha-1. As parcelas foram constituídas por caixas d'água de 0,60 x 0,60 x 0,45 m, com 120 litros de água + 20 litros de solo e 20 ramos por caixa. Utilizou-se um pulverizador costal a pressão constante de CO2 a 2 bar, pontas 110.02 VS, com um consumo de calda de 180 l ha-1. O controle foi avaliado visualmente aos 2, 6, 9,11, 13, 17, 20, 23, 26, 30 e 36 dias após a aplicação dos herbicidas (DAAH. Inicialmente, o herbicida diquat foi o composto que apresentou os sintomas mais severos de intoxicação nos ramos de pinheiro-d'água aos 2 DAAH, com 65% de controle em média, e aos 20 DAAH ele atingiu o controle máximo (99%, porém ocorreram rebrotas a partir dos 23 DAAH, independentemente da adição ou não de Agral e das doses testadas. O herbicida 2,4-D proporcionou 100% de controle dos ramos a partir dos 23 DAAH para as doses de 1.340 e 670 g ha-1, não ocorrendo rebrotas; já para as demais doses testadas (335 e 167 g ha-1 o controle não foi eficiente, pois ocorreram rebrotas. Os herbicidas glyphosate e imazapyr não foram eficientes no controle desta espécie.This work was carried out at the Advanced Weed Research Nucleus - UNESP, Botucatu-SP, to evaluate the control of Myriophyllum aquaticum by applying different herbicides in post emergence. The herbicides and doses (g ha-1 tested were: diquat (Reward at 204 g a.i. ha-1, diquat at 102 and 204 g a.i. ha-1 + agral at 0.1% v/v; 2,4-D (DMA 806 BR at 1,340, 670, 335 and 167 g a.e. ha-1; glyphosate (Rodeo at 3.360 g a.e. ha-1

  16. SELEÇÃO DE TOMATEIROS RESISTENTES A TOSPOVÍRUS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    ANDRÉ LUIZ LOURENÇÃO

    1997-01-01

    Full Text Available A partir de 1987/88 e durante sete anos agrícolas, avaliou-se, no Centro Experimental de Campinas do Instituto Agronômico, em condições de campo, o comportamento de progênies e cultivares de tomateiros em relação à infecção causada por tospovírus, cujos sintomas são conhecidos como "vira-cabeça do tomateiro". Do germoplasma referido como resistente a tospovírus, LA 444-1 (Lycopersicon peruvianum, PI 134417 (L. hirsutum e TSW-10 confirmaram sua resistência, enquanto `Platense' (L. esculentum, `Rey de los Tempranos' (L. esculentum, `Leopardo' e HE-233 comportaram-se como suscetíveis. Linhagens derivadas de L. peruvianum foram comparadas com germoplasma oriundo de L. hirsutum; embora ambos os parentais, LA 444-1 e PI 134417, sejam resistentes ao vírus, as menores infecções ocorreram nas linhagens descendentes de L. peruvianum, ao passo que no outro grupo se constatou comportamento de suscetibilidade. O cultivar Stevens, desenvolvido na África do Sul, descendente de L. peruvianum, confirmou resistência a tospovírus; linhagens (grupo IAC S4 obtidas de cruzamentos entre `Stevens' e `IPA-6' exibiram resistência igual ou superior ao parental resistente, além de boas caracte-rísticas agronômicas.Advanced progenies and cultivars of tomato have been evaluated through seven years as to local tospovirus infection at Instituto Agronômico de Campinas, in the State of São Paulo, Brazil. Among the germplasm considered resistant, LA 444-1 (Lycopersicon peruvianum, PI 134417 (L. hirsutum and TSW-10 (L. esculentum x L. peruvianum have confirmed their resistance while L. esculentum cultivars Platense, Rey de los Tempranos, Leopardo and HE-233 were susceptible. Although parentals LA 444-1 and PI 134417 presented high resistance levels, the lowest infection rates have been observed in progenies of L. peruvianum. The cultivar Stevens, developed in South Africa from L. peruvianum, has shown stable resistance to the tospovirus; some of the

  17. TERAPIA FOTODINÂMICA COM AZUL DE METILENO SOBRE CEPA DE Staphylococcus aureus RESISTENTE À METICILINA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mirian Alves Freitas

    2017-01-01

    Full Text Available S. aureus é o agente etiológico de maior importância associado às infecções adquiridas tanto em âmbito comunitário ou hospitalar, devido a sua capacidade de desenvolver resistência às terapias convencionais. A Terapia Fotodinâmica (TFD surge como alternativa a ser utilizada no controle de cepas resistentes aos antibioticos. O objetivo do presente estudo é avaliar os efeitos da TFD com Azul de Metileno (AM sobre cepas de S. aureus resistente à meticilina (MRSA. As amostras foram diluídas em PBS estéril de acordo com a escala 0,5 de MacFarland. Os grupos foram compostos com diferentes concentrações de AM, incubados no escuro durante 15 minutos e irradiados por LED Biopdi/Irrad-Led5 em 660nm com fluência de 10 J/cm². Posteriormente, foram semeadas e incubadas à 37ºC por 24 horas. A contagem de Unidades Formadoras de Colônias (UFCs demonstrou que a TFD foi eficaz na menor concentração testada de AM sobre cepas de MRSA.

  18. Fagotipagem de cepas de Staphylococcus aureus resistentes a antibióticos, isoladas de leite

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wanderley Pereira de Araújo

    1998-01-01

    Full Text Available A partir de amostras de leite cru foram isoladas 201 cepas de S. aureus, as quais foram submetidas a provas de resistência a antibióticos pelo método dos discos impregnados com os seguintes antibacterianos: amicacina, ampicilina, cefalotina, cefoxitina, cloranfenicol, clindamicina, oxacilina, penicilina, tetraciclina, tobramicina e vancomicina. Com exceção de 88 (43,8%, 90 (44,8%, 24 (11,9% e 40 (19,9% cepas resistentes à penicilina, ampicilina, cloranfenicol e tetraciclina, respectivamente, a maioria das 201 cepas (95% ou mais foi sensível aos antibióticos utilizados. As cepas resistentes a estes quatro antibióticos foram fagotipadas, empregando-se os Conjuntos Básicos Internacionais de bacteriófagos para cepas de origem humana e bovina, verificando-se que houve predomínio de cepas sensíveis a fagos dos grupos III e III/NC do conjunto básico humano e a fagos dos grupos III, IV e da associação III/IV do conjunto bovino.

  19. Control de malas hierbas en praderas y pastizales mediante herbicidas.

    OpenAIRE

    Grau Las Heras, Juan José; Sanz de Galdeano Equiza, Joaquín

    2011-01-01

    En la comunicación se recoge la experimentación con herbicidas llevada a cabo por el Servicio de Plagas de la Dirección de Agricultura y Ganadería de la Excelentísima Diputación Foral de Navarra, en tres tipos de problemas.(I) Las malas hierbas en el cultivo de alfalfa y su influencia en la cantidad y calidad de la producción obtenida, así como en la duración de la vida productiva del alfalfar.(II) Malas hierbas en prados y posibilidad de uso de herbicidas como un medio más en la regeneración...

  20. Detecção da tolerância de diferentes espécies de capim-colchão a herbicidas inibidores do fotossistema II utilizando a técnica da fluorescência

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leandro Tropaldi

    2015-05-01

    Full Text Available Este estudo teve como objetivo investigar a tolerância ou susceptibilidade das espécies de capim-colchão (Digitaria ciliaris, D. horizontalis e D. nuda a herbicidas inibidores do fotossistema II (FSII, por meio da técnica da fluorescência, utilizando a taxa de transferência de elétrons do FSII como indicador. Para isso, foi conduzido um experimento em esquema fatorial 3x6, com três espécies de capim-colchão e seis tratamentos (ametryn, hexazinone, diuron+hexazinone, amicarbazone, diuron, tebuthiuron e testemunha aplicados em pós-emergência. Foi monitorada a taxa de transporte de elétrons (ETR do FSII em intervalos de tempo crescente e aferida a massa seca das plantas aos 21 dias após a aplicação. A partir dos dados da ETR, calculou-se um valor numérico representativo da taxa de inativação da ETR. Os resultados demonstraram que todas as espécies de capim-colchão estudadas são susceptíveis aos herbicidas ametryn e hexazinone (valores da taxa de inativação da ETR superiores a 10.000. Os herbicidas diuron e tebuthiuron apresentaram menores taxas de inativação da ETR para a D. nuda (3.585 e 3.497, respectivamente e maiores para as espécies D. ciliaris e D. horizontalis (acima de 10.000, enquanto que o herbicida amicarbazone apresentou valor intermediário para D. nuda (7.967. O monitoramento da ETR foi eficiente para verificar a atuação dos herbicidas nas diferentes espécies estudadas

  1. Evaluacion de herbicidas de aplicacion temprana en el cultivo de melon de trasplante Avaliação de herbicidas aplicados no início de desenvolvimento da cultura do melão por transplante Selection of early-applicated herbicides in transplanted muskmelon crop.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.A. Cantamutto

    1996-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi selecionar herbicidas para otimizar o controle de plantas daninhas e o rendimento da cultura de melão, implantada pela técnica de transplante, nas condições agroecológicas do sul da província de Buneos Aires. Com a finalidade de proteger a cultura durante o período crítico de competição das plantas daninhas, nas primeiras sete semanas , foram utilizados os herbicida trifluralin, pendimethalin , metribuzin, naptalan, butylate, atrazine, linuron e misturas de pendimethalin + linuron, antes do transplante. Os três primeiros herbicidas foram incorporados ao solo de forma mecânica e os demais mediante irrigação. Durante as safras 1992/93 e 1993/94 os herbicidas naptalan, pendimethalin e a mistura controlaram de forma eficiente a comunidade infestante. Os maiores rendimentos da cultura foram obtidos com a aplicação de pendimethalin e com a mistura pendimethalin + linuron, no entanto, o naptalan não trouxe incrementos ao rendimento da cultura em relação a testemunha mantida no mato.The aim of this study was the selection of herbicides to optimize the weed control and yield of muskmelon crop started through transplanting. Studies were conducted under the agroecological conditions in the South of Buenos Aires Province. In order to protect the crop during the critic period due to weed competition which lasts for the first seven weeks, several herbicides were applicated before transplanting: Trifluralin, Pendimethalin and metribuzin through machanical incorporation, and naptalan, Butylate, Atrazine, Linuron and a mixture of Pendimethalin + Linuron through watering. The best yields were obtained with Pendimethalin and the mixture Pendimethalin + linuron. Naptalan, did not increase the yield of the crop compared with the control with weeds.

  2. Desempenho de herbicidas no controle de plantas daninhas em milho silagem

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    E. Philippi

    2016-01-01

    Full Text Available No estado de Santa Catarina a produção de grãos de milho divide espaço com a produção de milho silagem, sendo está amplamente difundida na pecuária como alimento volumoso para bovinos. Neste sentido, torna-se importante a busca por alternativas que visem minimizar perdas de produtividade, entre elas, reduzir a competição causada por plantas daninhas, que interferem no acúmulo de biomassa. Assim, objetivou-se avaliar a eficiência dos herbicidas Primóleo® (atrazina e Callisto® (mesotriona no controle de plantas daninhas na cultura do milho silagem em duas épocas de cultivos. Os ensaios foram arranjados em delineamento experimental de blocos casualizados, em esquema fatorial 4x2 (diferentes tipos de controle e diferentes safras. Os tratamentos foram: aplicações dos herbicidas atrazina e mesotriona, a capina mecânica e a testemunha. Para a aplicação dos mesmos, foi realizado o levantamento da população de plantas daninhas de todas as parcelas com área de 12 metros quadrados cada. Posteriormente, com os tratamentos aplicados, foi efetuado avaliações visuais da eficiência de controle aos 14, 21 e 28 dias após a aplicação, onde o herbicida atrazina se mostrou mais eficiente que o mesotriona, as demais variáveis analisadas foram: produtividade, altura de inserção de espiga e rendimento de espiga. Por meio dessas, verificou-se que controle mecânico de plantas daninhas é mais eficiente que o controle químico, e que não houve diferença significativa de rendimento de milho entre os herbicidas mesotriona e atrazina independentemente da época de cultivo.Herbicide performance in weed control in corn silageAbstract: In Santa Catarina, the production of grains of maize shares space with the production of corn silage, which is used in cattle as forage for cattle food. In this sense, it is important to search for alternatives that minimize the loss of productivity, among them, reduce competition caused by weeds that affect

  3. Caracterização de genótipos de tomateiro resistentes a begomovírus por marcador molecular co-dominante ligado ao gene Ty-1 Fingerprinting of tomato genotypes resistant to begomovirus by a codominant molecular marker linked to Ty-1 gene

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela Aparecida de Castro Nizio

    2008-12-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar genótipos de tomateiro, quanto à resistência a begomovírus, e caracterizar, por meio do marcador molecular SSR-47, híbridos de tomate de mesa portadores do alelo de resistência ao begomovírus Ty-1, com potencial comercial. Os 24 híbridos experimentais, heterozigotos no loco Ty-1, depois de infectados via enxertia, apresentaram sintomas intermediários, em comparação aos identificados pelas linhagens homozigotas Ty-1/Ty-1 e pelos genótipos suscetíveis Ty-1+/Ty-1+, o que indica a dominância incompleta do alelo Ty-1. Esses híbridos foram considerados como parcialmente tolerantes a begomovírus. Os híbridos experimentais TEX-246, TEX-261, TEX-253, TEX-256, TEX-262, TEX-252, TEX-251 e TEX-268 aliaram médias elevadas de produção total e de massa média dos frutos; e os híbridos TEX-246, TEX-253, TEX-256, TEX-262 e TEX-252 apresentaram valores elevados também para meia-vida da firmeza e foram, portanto, considerados competitivos em comparação aos padrões comerciais usados como testemunhas. O marcador molecular SSR-47 foi eficiente em caracterizar genótipos portadores do alelo Ty-1. A infecção do begomovírus, induzida via enxertia, manifestou sintomas, nos genótipos testados, condizentes com os resultados obtidos com o marcador molecular SSR-47.The objectives of this study were to evaluate tomato genotypes for begomovirus resistance and to assess SSR-47 fingerprinting patterns associated with alleles Ty-1, in hybrids of fresh-market tomato with commercial potential. Twenty-four experimental genotypes, heterozygous at Ty-1 locus, were infected with begomovirus via grafting, and showed intermediate symptoms compared to the ones identified by homozygous Ty-1/Ty-1 lines and by susceptible genotypes Ty-1+/Ty-1+, which indicates the incomplete dominance of the Ty-1 allele. These hybrids were considered to possess partial resistance to begomovirus. The experimental hybrids TEX-246, TEX-261, TEX

  4. Plasmodesmos: transporte simplástico de herbicidas na planta Plasmodesmata: symplastic transport of herbicides within the plant

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    G. Concenço

    2007-01-01

    Full Text Available Plasmodesmos são canais responsáveis pela conexão citoplasmática entre células vizinhas, possibilitando a troca de moléculas de informação, funcionais, estruturais ou ainda de xenobióticos entre as células pertencentes a um mesmo grupo. Células pertencentes ao mesmo conjunto (domínio constituem-se numa unidade funcional, e substâncias podem se mover entre estas células com velocidade muito superior à observada no transporte através de membranas. Os plasmodesmos podem atuar ainda no transporte a longa distância, tanto pela associação com o floema como pelo intercâmbio entre domínios simplásticos. Quando a planta se encontra sob estresse e as taxas de transporte via xilema e floema são mais reduzidas, os plasmodesmos podem ser mais efetivos no transporte a longa distância, das moléculas de herbicidas sistêmicos. Falta ainda esclarecer se existe afinidade entre moléculas de determinados herbicidas com as proteínas da superfície interna dos plasmodesmos, o que poderia facilitar o transporte desses herbicidas pela manipulação do Tamanho Limite de Exclusão do plasmodesmo, independentemente do tamanho da molécula, bem como determinar se a semelhança com algum composto natural da planta promove maior taxa de transporte simplástico. Pouca importância tem sido dada à participação dos plasmodesmos no transporte de herbicidas sistêmicos. No entanto, o avanço dos trabalhos com produtos marcados e a intensificação das pesquisas em fisiologia vegetal para melhor entendimento dos processos referentes à absorção, translocação, conjugação e/ou degradação de herbicidas podem esclarecer muitos aspectos ainda não definidos do transporte de herbicidas via xilema e floema e sua associação com o apoplasto e domínios simplásticos.Plasmodesmata are plasma channels connecting neighboring cells and allowing the exchange of informational, functional and structural molecules and xenobiotics among cells of the same

  5. Eficiência quântica do fotossistema II de mudas de abacaxizeiro 'imperial' em resposta a associação com Piriformospora indica e herbicidas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lana Ivone Barreto Cruz

    2014-12-01

    Full Text Available O objetivo foi avaliar o efeito dos herbicidas diuron, ametryn e sulfentrazone, e da associação micorrízica na eficiência quântica do fotossistema II de mudas de abacaxizeiro 'Imperial'. Foi utilizado o esquema de parcela subdividida, tendo na parcela o fatorial 2 x 4, sendo dois tipos de mudas: inoculadas com P. indica e sem inoculação, e quatro doses de herbicidas: 0; 1,5; 3,0 e 6,0 L ha-1 para o ametryn, 0; 1,6; 3,2 e 6,4 L ha-1 para o diuron e 0; 0,4; 0,8 e 1,6 L ha-1 para o sulfentrazone, e na subparcela as épocas de avaliação, distribuídos no delineamento inteiramente casualizado, com três repetições. Os herbicidas foram aplicados ao substrato antes do plantio das mudas. A inoculação com o fungo P. indica foi feita no momento do plantio. A avaliação da eficiência quântica foi feita por meio da razão de fluorescência da clorofila a (Fv/Fm, determinada aos 60; 90 e 120 dias após o plantio das mudas, obtendo-se a fluorescência inicial, máxima, e variável. Os dados obtidos foram submetidos à análise de variância e regressão polinomial. O herbicida ametryn não comprometeu a eficiência do fotossistema II das mudas de abacaxizeiro inoculadas com o fungo P. indica. A inoculação com fungo P. indica aumentou a eficiência do fotossistema II das mudas. A aplicação dos herbicidas diuron e sulfentrazone em doses elevadas reduziu a eficiência do fotossistema II de mudas de abacaxizeiro 'Imperial' não inoculadas com o fungo P. indica.

  6. Edificações em alvenaria resistente na região metropolitana do Recife

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Romilde Almeida Oliveira

    Full Text Available Resumo O trabalho apresenta reflexões acerca das edificações em alvenaria resistente no Estado de Pernambuco. São abordados temas relativos às principais características dessa técnica construtiva bem como as peculiaridades que influenciam diretamente seu desempenho estrutural. Aspectos relacionados aos desabamentos que ocorreram nos últimos anos são igualmente abordados, acompanhados da indicação da causa da ruptura e do ano em que ocorreram. O artigo contempla, adicionalmente, uma extensa caracterização dos materiais e componentes utilizados em construções em alvenaria resistente na região, constituindo-se numa das mais abrangentes investigações sobre essa temática desenvolvida no país. Foi analisado experimentalmente o comportamento compressivo de blocos, prismas e miniparedes confeccionados com esses materiais que integram um sistema de vedação que tem sido utilizado com função estrutural frequentemente na região. Os resultados obtidos permitem identificar a contribuição das camadas de argamassa de revestimento na capacidade de carga dos elementos ensaiados. Diversos fatores que interferem nessa contribuição foram igualmente estudados. Ao final, expõe-se uma súmula dos resultados de todos os ensaios realizados que esclarecem de maneira detalhada as formas de ruptura observadas que se mostraram marcadamente frágeis, a exemplo do que ocorreu na maior parte dos acidentes com esse tipo de edificação na região.

  7. Método rápido para detecção de resistência de capim-arroz (Echinochloa spp. ao quinclorac A quick method for detecting resistance of Echinochloa spp. to quinclorac

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    G. Concenço

    2008-06-01

    Full Text Available Considerando-se que a resistência de capim-arroz ao quinclorac está amplamente distribuída nas lavouras do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina e que o "teste-padrão" para distinção de biótipos resistentes a esse herbicida é demorado, torna-se necessário o desenvolvimento de um "teste rápido" para identificação de propágulos desses biótipos. Para isso, foram realizados dois experimentos: um em casa de vegetação (teste-padrão e o outro em laboratório (teste rápido. No ensaio em laboratório, sementes de quatro biótipos de capim-arroz, caracterizados como resistentes ou suscetíveis ao quinclorac, foram semeadas em papel germitest umedecido com soluções de 0; 3,75; 18,75; 37,5; 187,5; 375; e 1.875 mg L-1 do herbicida durante 14 dias a 25 ºC. Em casa de vegetação, os mesmos tratamentos foram avaliados cultivando-se os biótipos de capim-arroz em vasos com 10 L de solo. Neste ensaio foram avaliados massa seca e altura de plantas aos 25 dias após emergência (DAE, e no ensaio em laboratório, percentagem de sobrevivência aos 7 dias após semeadura (DAS, massa seca e comprimento da parte aérea das plantas aos 14 DAS. O teste em laboratório é mais rápido, exige menos tempo, recursos humanos e materiais, com a mesma eficiência que o teste em casa de vegetação e com a vantagem adicional de permitir aferições quanto ao nível de resistência entre biótipos resistentes. Sugere-se que a concentração de 375 mg L-1 de quinclorac seja usada como padrão no teste rápido, pois apresenta adequada margem de segurança como indicadora da presença de sementes resistentes, com porcentagem de sobrevivência igual a zero para plântulas dos biótipos suscetíveis ao quinclorac.Given that resistance of Echinochloa sp. to quinclorac is widely distributed in rice fields in the states of Rio Grande do Sul and Santa Catarina, and that the standard tests are relatively slow in showing resistance, a quick test must be developed to

  8. Disrupção endócrina em testículos de Poecilia reticulata causada pelo herbicida glifosato

    OpenAIRE

    Pires, Fernando Santiago

    2013-01-01

    Agrotóxicos são xenobióticos utilizados largamente nos lavouras ou mesmo em jardinagem em todo mundo para o controle de pragas agrícolas, e entre eles destacam-se os herbicidas a base de Glifosato (N-fosfonometil-glicina). O Glifosato (GLI) participa de uma rota metabólica exclusiva na síntese de aminoácidos nas plantas e foi considerado inofensivo aos animais. Contudo, há relatos na literatura que indicam a toxicidade das soluções comerciais à base de GLI, mas poucos abordam a atividade do G...

  9. TOXICIDAD DEL HERBICIDA PROPANIL (PROPANIL TRUST® 500EC EN EMBRIONES Y RENACUAJOS DE TRES ESPECIES DE ANUROS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Teófila María TRIANA VELÁSQUEZ

    2016-01-01

    Full Text Available El Propanil es un herbicida empleado en el control de arvenses que puede afectar organismos no blanco como los anuros. El objetivo del trabajo fue evaluar los efectos letales (concentración letal media, CL50 y subletales (retrasos en el desarrollo, longitud total y máxima distancia de natación del Propanil (Propanil Trust® 500EC sobre embriones y renacuajos de tres especies de anuros bajo condiciones de laboratorio y microcosmos, que incluyen algunos componentes de campo (sedimentos y material vegetal. La especie más sensible fue Rhinella humboldti (embriones: laboratorio CL50= 9,14 mg/L y microcosmos CL50= 83,92 mg/ha; renacuajos: laboratorio CL50= 5,09 mg/L y microcosmos CL50= 44,52 mg/ha, y la más resistente Hypsiboas crepitans (embriones: laboratorio CL50= 19,58 mg/L y microcosmos CL50= 179,53 mg/ha; renacuajos: laboratorio CL50= 16,54 mg/L y microcosmos CL50= 190,72 mg/ ha. Engystomops pustulosus mostró una sensibilidad intermedia. En general, en laboratorio los CL50 indicaron una letalidad alta y se encontraron cambios significantes en la longitud total y la máxima distancia de natación de los organismos expuestos al Propanil, contrario a los resultados en microcosmos, aunque el tiempo de desarrollo embrionario no mostró diferencias entre tratamientos. Al comparar los CL50 se encontró que los renacuajos fueron más sensibles al herbicida que los embriones. En conclusión, el Propanil resultó tóxico para los embriones y renacuajos en condiciones de laboratorio pero tuvo un efecto menor en microcosmos. Esto demuestra que los componentes de campo de los microcosmos y la falta de renovación de las soluciones reducen la toxicidad del Propanil en los anuros de estudio.

  10. Toxicidad del herbicida Propanil (Propanil Trust® 500EC en embriones y renacuajos de tres especies de anuros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Teófila María Triana Velásquez

    2016-09-01

    Full Text Available El Propanil es un herbicida empleado en el control de arvenses que puede afectar organismos no blanco como los anuros. El objetivo del trabajo fue evaluar los efectos letales (concentración letal media, CL50 y subletales (retrasos en el desarrollo, longitud total y máxima distancia de natación del Propanil (Propanil Trust® 500EC sobre embriones y renacuajos de tres especies de anuros bajo condiciones de laboratorio y microcosmos, que incluyen algunos componentes de campo (sedimentos y material vegetal. La especie más sensible fue Rhinella humboldti (embriones: laboratorio CL50= 9,14 mg/L y microcosmos CL50= 83,92 mg/ha; renacuajos: laboratorio CL50= 5,09 mg/L y microcosmos CL50= 44,52 mg/ha, y la más resistente Hypsiboas crepitans (embriones: laboratorio CL50= 19,58 mg/L y microcosmos CL50= 179,53 mg/ha; renacuajos: laboratorio CL50= 16,54 mg/L y microcosmos CL50= 190,72 mg/ha. Engystomops pustulosus mostró una sensibilidad intermedia. En general, en laboratorio los CL50 indicaron una letalidad alta y se encontraron cambios significantes en la longitud total y la máxima distancia de natación de los organismos expuestos al Propanil, contrario a los resultados en microcosmos, aunque el tiempo de desarrollo embrionario no mostró diferencias entre tratamientos. Al comparar los CL50 se encontró que los renacuajos fueron más sensibles al herbicida que los embriones. En conclusión, el Propanil resultó tóxico para los embriones y renacuajos en condiciones de laboratorio pero tuvo un efecto menor en microcosmos. Esto demuestra que los componentes de campo de los microcosmos y la falta de renovación de las soluciones reducen la toxicidad del Propanil en los anuros de estudio.

  11. Streptococcus pneumoniae resistentes a Penicilina en Lima - Perú

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juan Fukuda Sharizawa

    1996-01-01

    Full Text Available Objetivo: Evaluar la prevalencia de Streptococcus pneumoniae resistente a penicilina (SPRP. Material y métodos: Se realizó un estudio transversal, multicéntrico, entre Noviembre de 1993 y Noviembre de 1994. Cultivos de sangre, líquido cefalorraquídeo (LCR, líquido pleural (LP, material de timpanocentesis y esputo fueron coleccionados de los laboratorios de microbiología de cuatro hospitales de Lima. Las pruebas de concentración inhibitoria mínima (CIM, fueron realizados usando métodos de dilución en agar, en el laboratorio del Instituto de Medicina Tropical. Se aislaron 61 cepas. Resultados: Solo 2 (3.3% fueron resistentes a penicilina (SPRP, con CIM > 0.12 µg/mL. Las otras 59(96.7% fueron susceptibles a penicilina (CIM: 0.006 - 1.00 µg/mL, no se encontraron cepas con alto nivel de resistencia a penicilina (CIM ≥ 2.0 µg/mL. Ambas cepas fueron susceptibles a cefotaxime (CIM = 0.251µg/mL, a trimethoprim/sulfametoxazole (CIM = 8 µg/mL, 16 µg/mL y a cloramfenicol (CIM =1.0 µg/mL, pero fueron resistentes a ampicilina (CIM = 0.5 µg/mL, 1 µg/mL. Cuatro (6.6% cepas de Streptococcus pneumoniae fueron resistentes a ampicilina, (CIM: 0.06 - 4.00 µg/mL. Solo 1 (1.7% fue resistente a trimethoprim/sulfamethoxazole, (CIM: 1.0 - 32.0 µg/mL. Todas las 61 cepas fueron susceptibles a cefotaxime (CIM: 0.007 - 0.251 µg/mL. (Rev Med Hered 1996; 7: 11-16.

  12. Seletividade de herbicidas pós-emergentes na cultura da mandioca Selectivity of post-emergent herbicides for cassava crop

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    D.V. Silva

    2012-12-01

    Full Text Available A resposta da mandioca à aplicação de herbicidas varia desde a total seletividade até o completo comprometimento da produção devido à intoxicação provocada. Desse modo, objetivou-se neste trabalho avaliar a seletividade de herbicidas aplicados em pós-emergência na mandioca. Para isso, foi conduzido experimento em casa de vegetação, em blocos casualizados com 23 tratamentos (22 herbicidas + testemunha, em quatro repetições. Os herbicidas foram aplicados 60 dias após a brotação da mandioca, quando as plantas apresentavam cerca de 15 folhas completamente expandidas. Avaliou-se semanalmente a toxicidade das plantas e, aos 35 dias após a aplicação, elas foram coletadas para determinação da matéria seca. Os sintomas mais visíveis de intoxicação da mandioca ocorreram 21 dias depois da aplicação, para a maioria dos produtos testados. Ao final do período de avaliação, a mandioca apresentava sinais de recuperação dos danos visuais provocados pelos herbicidas tóxicos à cultura. Ametryn, ametryn + trifloxysulfuron-sodium, atrazine, diuron + hexazinone e sulfentrazone provocaram as maiores reduções de matéria seca e causaram os maiores danos visíveis; de modo contrário, bentazon, fluazifop-p-butil, mesotrione e tembotrione foram os menos tóxicos à cultura. Constataram-se diferentes níveis de seletividade dos herbicidas à cultura, sendo bentazon, fluazifop-p-butil, mesotrione e tembotrione os herbicidas considerados seletivos para uso em programas de manejo de plantas daninhas.The cassava response to herbicide application varies from complete selectivity to full production loss due to the poisoning caused. Thus, the objective of this work was to evaluate the selectivity of herbicides applied at post-emergence in cassava. An experiment was arranged in a randomized block design, under greenhouse conditions, including 23 treatments (22 herbicides + control and four replications. The herbicides were applied 60 days

  13. Fitotoxicidade de herbicidas a diferentes cultivares de milho-pipoca Phytotoxicity of herbicides to different popcorn cultivars

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    S.P Freitas

    2009-12-01

    Full Text Available Com o objetivo de avaliar a seletividade de diferentes herbicidas a dez genótipos de milho-pipoca em Campos dos Goytacazes-RJ, realizou-se a aplicação de herbicidas em dosagem máxima recomendada (atrazine + S-metolachlor + extravon - 1,665 + 1,035 kg ha-1 i.a. + 0,1%; foramsulfuron + iodosulfuron + hoefix - 45,0 + 3,0 g ha-1 i.a. + 0,5%; mesotrione + óleo mineral - 192 g ha-1 + 0,5%; tembotrione + óleo mineral - 240 mL ha-1 + 0,5% e um tratamento sem aplicação de herbicida, em esquema fatorial 5 x 10 x 5. O experimento foi conduzido no delineamento em blocos casualizados, com quatro repetições. Aos 2, 4, 8, 12 e 20 dias após aplicação (DAA foram avaliados sintomas visuais de fitotoxicidade. Aos 36 DAA foram avaliados a altura das plantas e o diâmetro do caule, e aos 39 DAA, a área foliar e a massa seca da parte aérea. Entre os tratamentos, os mais seletivos às variedades testadas foram os herbicidas atrazine + S-metolachlor, aplicados em pré-emergência; no entanto, atrazine + S-metolachlor, mesotrione e foramsulfuron + iodosulfuron, aplicados em pós-emergência, causaram elevados níveis de fitotoxicidade às plantas de milho-pipoca, sendo as variedades Beija-Flor, Pr-023, SE-013, Angela, PA-038 e UFV extremamente sensíveis a esses produtos.Aiming to evaluate the selectivity of different herbicides to 10 genotypes of popcorn in Campos dos Goytacazes-RJ, herbicides were applied at the recommended maximum dosage (atrazine + S-metolachlor + extravon 1.665 + 1.035 kg ha-1 i.a. + 0.1%; foramsulfuron + iodosulfuron + hoefix 45.0 + 3.0 g ha-1 i.a. + 0.5%; mesotrione + mineral oil 192 g ha-1 + 0.5%; tembotrione + mineral oil 240 mL ha-1 + 0.5% and a treatment without herbicide in a factorial scheme 5 x 10 x 5. The experiment was conducted in a randomized block design with four replications. Visual phytotoxicity symptoms were evaluated at 2, 4, 8, 12 and 20 days after application (DAA. Plant height and stem diameter were evaluated at

  14. Efeito de adjuvantes adicionados à calda herbicida contendo glyphosate Effect of adjuvants added to herbicide spray containing glyphosate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leandro Vargas

    1997-01-01

    Full Text Available Tentativas de aumentar a fitotoxicidade do herbicida glyphosate através da adição de ácido e/ ou de sulfato de amônio à calda tem sido promissoras. A adição dessas substâncias otimiza as propriedades químicas da calda herbicida, superando efeitos negativos do pH elevado e de ions nela presentes. O objetivo desse trabalho foi investigar o efeito da adição de ácido sulfúrico e/ou de sulfato de amônio à calda herbicida, sobre a eficiência do glyphosate misturado em diluente com alto pH e teores elevados de sais. Os tratamentos envolveram cinco doses de glyphosate (variáveis de 180 a 540 g/ha i.a. diluídas em água destilada e, mais glyphosate a 270 g/ha misturado às águas minera is Fonte Azul e Fonte Ijuí em presença de ácido sulfúrico (0,5 1/ha e/ou sulfato de amônio (2 ,5 kg/h a . A fitotoxicidade foi avaliada aos 7, 17 e 27 dias após as aplicações do herbicida sobre a aveia preta. Os resultados demonstraram que a aveia-preta é muito suscetível à ação de glyphosate, mesmo aplicado a 270 g/ha, independente da água utilizada ou da adição de adjuvantes e, que a adição de ácido sulfúrico e/ou de sulfato de amônio à calda não alterou a atividade do herbicida.Attempts to increase phytotoxicity of glyphosat e her bic ide through addition of acid and/or of ammonium sulphate to the spray solution have been promising. Addition of these substances optimize chemical properties of the herbicide spray, overcoming negative effects of high pH and of íons present in it. The objective of this research was to investigate the effect of sulphuric acid and/or of ammonium sulphate addition to herbicide spray, on the efficiency of glyphosate mixed in diluents with high pH and high salts content. Glyphosate treatments consisted of five rates (variables from 180 to 540 g/ha a.e., diluted in distilled water, and also glyph osate at 270 g/h a a. e. mix ed in the mineral waters Fonte Azul and Fonte Ijuí. To this herbicide rate

  15. Avaliação de herbicidas no controle de plantas daninhas em mandioquinha-salsa Herbicide efficiency in controlling weeds in peruvian carrot

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Aparecida Nogueira Sediyama

    2008-12-01

    Full Text Available Avaliou-se a eficiência de herbicidas aplicados em pré e pós-emergência no controle de plantas daninhas e na produção de mandioquinha-salsa na Fazenda Experimental da EPAMIG, em Oratórios (MG, de maio a dezembro de 2002. Utilizou-se o delineamento de blocos casualizados com quatro repetições e 15 tratamentos incluindo duas testemunhas, com e sem capina. Em cada tratamento, foi usado um herbicida em pré e outro em pós-emergência das plantas, aplicados aos três e aos 45 dias após o plantio (DAP respectivamente. A eficiência de controle e a toxidez dos herbicidas foram avaliadas aos 60 DAP e a produção de matéria seca de plantas daninhas aos 60 e 130 DAP. Na colheita, avaliou-se produção de raízes, coroa e parte aérea. A emergência de plantas foi máxima aos 45 DAP e, posteriormente, houve redução no estande, quando se utilizaram os herbicidas atrazine + óleo mineral e oxadiazon, em pós-emergência. Esses herbicidas, apesar de eficientes no controle de plantas daninhas, causaram toxidez à cultura. Na produção de raízes, destacaram-se os tratamentos: atrazine +fluazifop-p-butil; diuron + fluazifop-p-butil; diuron + Oxadiazon; linuron + fluazifop-p-butil; metolachlor + metribuzin + linuron e oxadiazon + diuron, com bom controle de plantas daninhas e rendimentos de raízes comerciais semelhantes ao da testemunha mantida no limpo (8,62 t ha-1.The efficiency of herbicides applied in pre- and post-emergence for weed control in Peruvian carrot production was evaluated at the EPAMIG Experimental Farm, Oratórios, Minas Gerais State, from May to December, 2002. The experiment was arranged in a randomized block design, with four replications and 15 treatments, including two controls (with and without weeding. Pre- and post-emergence herbicides were used in each treatment applied at 3 and 45 days after planting (DAP, respectively. Efficiency and toxicity were evaluated at 60 DAP and weed dry matter yield at 60 and 130 DAP. At

  16. Tolerância de milho tratado com inseticidas a herbicidas do grupo das imidazolinonas Maize tolerance to imidazolinone herbicides when treated with insecticides

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L.H. Penckowski

    2004-06-01

    Full Text Available Objetivou-se neste trabalho estudar os efeitos e as interações entre os herbicidas imazapyr + imazapic e os inseticidas thiamenthoxan, thiodicarb, clorpirifós e fipronil sobre a cultura do milho. O experimento foi conduzido a campo em Castro, Paraná, na safra de 2001/2002, sendo o híbrido DKB 909 CL, tolerante ao herbicida, cultivado em sistema de plantio direto. Os inseticidas thiodicarb (120 mL ha-1 e thiamenthoxan (32 g ha-1 foram misturados às sementes; clorpirifós (1.125 mL ha-1 e fipronil (96 g ha-1 foram aplicados no sulco de plantio. A aplicação dos tratamentos com os herbicidas imazapyr + imazapic nas doses de 0; 17,5 + 52,5; 35,0 + 105,0 e 52,5 + 157,5 g ha-1 foi realizada quando o milho apresentava cinco folhas (V5. As avaliações de toxicidade na cultura foram realizadas aos 7, 16, 25 e 30 DAA (dias após aplicação dos herbicidas; por ocasião da colheita, avaliaram-se o rendimento e a massa de mil grãos. Não houve interações entre os inseticidas aplicados no sulco de semeadura ou nas sementes de milho e as diferentes doses de herbicida. Todavia, o inseticida clorpirifós e a maior dose do herbicida provocaram os maiores sintomas de intoxicação (20,5 e 30,0 respectivamente, caracterizados por clorose inicial próxima do cartucho das folhas, observando-se recuperação da cultura aos 30 DAA. Nenhum dos tratamentos afetou o rendimento e a massa de mil grãos do milho DKB 909CL.Chemical protective practices are commonly used in maize crop and negative interactions between insecticides and herbicides seem possible. Some of these negative interactions have been observed in other crops in Brazil with a few studies related with maize. The main objective of this work was to study the interaction between imazapyr + imazapic herbicides and thiamenthoxan, thiodicarb, clorpirifos e fipronil, insecticides in maize. The experiment was carried out at field conditions, at "Fundação ABC" experimental area, Castro, Paraná State

  17. Physiological aspects and growth of sunflower after application of pre-emergent herbicides = Aspectos fisiológicos e crescimento do girassol após aplicação de herbicidas em pré-emergência.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ronaldo Matias Reis

    2014-12-01

    Full Text Available - Studies aim to evaluate effects of different herbicides applied pre-emergence on the characteristics related to sunflower plants growth and physiology. The experiment was conducted in a greenhouse using a completely randomized design with five replications and the treatments consisted of application, sunflower pre-emergence, following herbicides: flumioxazin, sulfentrazone, oxyfluorfen, oxadiazon, s-metolachlor, linuron and pendimethalin, and an untreated control. The gas exchange was evaluated at 27 days after herbicide application (DAAs, while the analysis of growth and visual intoxication culture were measured at 50 DAAs. Evaluated the physiological characteristics were not altered by herbicides application. However, these products interfered variously related to growth of sunflower plants characteristics. While sunflower recovered from poisoning caused by the oxadiazon was noted slower growth in culture by application of flumioxazin. We conclude that at the doses evaluated in this study, the herbicide oxyfluorfen, s-metolachlor, linuron, oxadiazon and pendimethalin have potential for application in sunflower pre-emergence. = Objetivou-se com este trabalho avaliar os efeitos de diferentes herbicidas aplicados em pré-emergência sobre as características relacionadas ao crescimento e à fisiologia das plantas de girassol. O experimento foi conduzido em casa de vegetação, utilizando o delineamento inteiramente casualizado com cinco repetições, sendo os tratamentos constituídos da aplicação, em pré-emergência do girassol, dos seguintes herbicidas: flumioxazin, sulfentrazone, oxyfluorfen, oxadiazon, s-metolachlor, linuron e pendimethalin, além de uma testemunha sem aplicação. As avaliações das trocas gasosas foram realizadas aos 27 dias após a aplicação (DAAs dos herbicidas, enquanto as análises de crescimento e intoxicação visual da cultura foram mensuradas aos 50 DAAs. As características fisiológicas avaliadas n

  18. Genetic similarity among Bidens pilosa accesses resistant to ALS-inhibiting herbicides

    OpenAIRE

    Vidal,R.A.; F.P. Lamego; RESENDE, L. V.; Da-Silva,P.R.; Delatorre,C.A.; TREZZI, M. M.

    2005-01-01

    Herbicidas inibidores da enzima acetolactato sintase (ALS) têm sido amplamente utilizados no controle da planta daninha picão-preto (Bidens pilosa). A pressão de seleção causada pelo uso intensivo desses herbicidas tem selecionado biótipos de picão-preto resistentes. O objetivo deste trabalho foi avaliar o grau de similaridade genética entre acessos de picão-preto resistentes aos herbicidas inibidores da ALS, bem como a relação entre coeficiente de similaridade genética e distância geográfica...

  19. Haemonchus resistente a lactona macrocíclica em caprinos naturalmente parasitados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mattos Mary Jane Tweedie de

    2004-01-01

    Full Text Available O ivermectin, antiparasitário amplamente utilizado em caprinos jovens, foi avaliado sobre nematódeos gastrintestinais, em todas as fases parasitárias. Doze caprinos jovens, naturalmente parasitados foram utilizados no experimento, sendo um grupo de seis animais medicado com ivermectin, na dose de 200µg.kg-1 v.o. e o outro grupo utilizado como controle. Para a avaliação, utilizou-se o teste de redução na contagem de ovos (FECR, redução de larvas infectantes e carga parasitária. Amostras fecais de caprinos foram coletadas no dia da medicação (dia zero, aos sete e catorze dias. No décimo quarto dia pós-medicação, todos os caprinos foram sacrificados, para a coleta de helmintos e cálculo da carga parasitária total. A redução do número de ovos (FECR e a eficácia sobre adultos foi de 42,10 % e 32,62 %, respectivamente.O gênero Haemonchus representou 100 % da população do grupo medicado e 99,58 % do grupo controle. Estes resultados indicam que os caprinos já estavam parasitados por Haemonchus resistente ao ivermectin.

  20. Prevalência de hipertensão resistente em adultos não idosos: estudo prospectivo em contexto ambulatorial

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela Massierer

    2012-07-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Em face de definições de variáveis e critérios de amostragem, a real prevalência de hipertensão resistente em ambiente clínico é desconhecida. OBJETIVO: Investigar a prevalência de real hipertensão resistente em uma clínica de hipertensão arterial. MÉTODOS: Hipertensão resistente verdadeira foi diagnosticada quando fenômeno do jaleco branco, insuficiente adesão ao tratamento e hipertensão secundária foram excluídos em pacientes com Pressão Arterial (PA ≥ 140/90 mmHg em duas visitas consecutivas, usando três de fármacos anti-hipertensivos, incluindo um diurético. RESULTADOS: No total, 606 pacientes, com 35 a 65 anos de idade, a maioria mulheres, com PA de 156,8 ± 23,8 mmHg por 91,9 ± 15,6 mmHg e IMC de 29,7 ± 5,9 Kg/m² foram sequencialmente avaliados. Cento e seis pacientes em uso de três agentes anti-hipertensivos estavam com pressão arterial não controlada (17,5% da amostra total na primeira visita. Oitenta e seis pacientes (81% dos pacientes com PA não controlada na primeira avaliação retornaram para a avaliação de confirmação: 25 estavam com PA controlada; 21 tinham evidência de baixa adesão ao tratamento; 13 tinham fenômeno do jaleco branco; e 9 tinham hipertensão secundária, restando 18 pacientes (20,9% dos não controlados na consulta de confirmação e 3% da amostra total com verdadeira hipertensão resistente. Considerando pacientes com hipertensão secundária como casos de hipertensão refratária, a prevalência de hipertensão resistente aumentou para 4,5%. CONCLUSÃO: A frequência de hipertensão resistente verdadeira em pacientes não idosos é baixa em um ambiente clínico, e não é substancialmente aumentada com a inclusão de pacientes com hipertensão secundária. (Arq Bras Cardiol. 2012; [online].ahead print, PP.0-0

  1. Avaliação de herbicidas para dois cultivares de mandioca Selectivity of herbicide alternatives for two cassava cultivars

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    D.F Biffe

    2010-12-01

    Full Text Available É importante avaliar a tolerância de variedade de mandioca a novas alternativas de controle químico, com o intuito de ampliar as opções disponíveis. Este trabalho teve como objetivo avaliar a seletividade de herbicidas aplicados em pré-emergência, para duas importantes variedades de mandioca cultivadas no Estado do Paraná. Os herbicidas e respectivas doses (g i.a. ha-1 avaliadas foram: diuron (400 e 800, metribuzin (360 e 720, isoxaflutole (60, atrazine (720, S-metolachlor (1.920 e as misturas ametryn + clomazone (1.350+1.900, ametryn+trifluralin (1.500+1.350, isoxaflutole+metribuzin (60+320, isoxaflutole+diuron (60+400, combinados com uso de uma testemunha dupla adjacente a cada tratamento. Os cultivares utilizados neste trabalho foram Fécula Branca e Fibra. Apenas o herbicida S-metolachlor, para ambos os cultivares, e metribuzin (360 g i.a. ha-1, para o cultivar Fibra, não provocaram injúrias. Atrazine provocou redução de estande para o cultivar Fécula Branca aos 60 DAP, mas não foi detectada redução na altura de plantas. Tanto atrazine (para os dois cultivares quanto diuron na dose de 800 g i.a. ha-1 (para o cultivar Fécula Branca afetaram a produtividade de raízes. Dessa forma, atrazine foi considerado não seletivo para ambos os cultivares, e a maior dose de diuron foi também considerada não seletiva para o cultivar Fécula Branca. Há diferenças de tolerância entre os cultivares, sendo o Fibra, de modo geral, mais tolerante aos herbicidas avaliados.It is important to evaluate the tolerance of cassava varieties under new weed chemical control alternatives. Thus, this study aimed to evaluate the selectivity of herbicides, applied at pre-emergence, for two important cassava varieties grown in the state of Paraná, Brazil. The herbicides and respective doses (g a.i. ha-1 were: diuron (400 and 800, metribuzin (360 and 720, isoxaflutole (60, atrazine (720, S-metolachlor (1,920 and mixtures ametryn+clomazone (1

  2. Comportamiento de herbicidas residuales en suelo posible contaminación de acuiferos.

    OpenAIRE

    Gómez De Barreda Ferraz, Diego

    2009-01-01

    Se ha estudiado el comportamiento ambiental en los herbicidas terbutilazina, terbacil, molinato y tiobencarb. Los resultados obtenidos indican que la terbutilazina y el terbacil se absorben fuertemente en los primeros centímetros de perfil del suelo, sin que se aprecie una lixiviación significativa pese a su alta persistencia. La mejor forma de incorporar el herbicida terbutilazina fue mediante herbigación o sobre suelo previamente humedecido, habiendose observado una lata disipación de este ...

  3. Atividade microbiana do solo após aplicação de herbicidas em sistemas de plantio direto e convencional Microbial activity in soil after herbicide application under no-tillage and conventional planting systems

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J.B. Santos

    2005-12-01

    Full Text Available Avaliaram-se neste trabalho os efeitos de cinco concentrações (0,0; 1,05; 2,10; 4,20; e 8,40 µg g-1 dos herbicidas fluazifop-p-butil e fomesafen e da mistura comercial destes (Robust® sobre a atividade microbiana de um solo submetido aos sistemas de plantio direto (SPD e convencional (SPC. Amostras do solo coletadas em SPD e SPC foram colocadas em erlenmeyer de 250 mL, tratadas com as diferentes concentrações dos herbicidas e umedecidas próximo à capacidade de campo. A cada intervalo de quatro dias fez-se a quantificação da respiração microbiana, por meio da captura do CO2 liberado do solo. Aos 20 dias após o início da incubação determinou-se o carbono da biomassa microbiana (CBM e o quociente metabólico (qCO2. No solo proveniente do SPD, a atividade microbiana aumentou com as concentrações do fluazifop-p-butil e reduziu para concentrações superiores a 4,20 µg g-1 de fomesafen. Os efeitos dos herbicidas sobre a respiração microbiana e o CBM do solo em SPC foram inferiores aos observados no solo do SPD. Entre os herbicidas, com o aumento das concentrações, verificou-se maior CBM para fluazifop-p-butil e menores valores de CBM para o fomesafen. A mistura comercial dos herbicidas (Robust® não influenciou o CBM no SPD, mas sua redução foi maior no solo sob SPC quando aplicado nas maiores concentrações. No SPD, o qCO2 aumentou com as concentrações dos herbicidas sem, contudo, variar entre eles. No SPC, a mistura dos herbicidas proporcionou o maior qCO2. Em geral, os herbicidas promoveram efeito negativo sobre a biomassa microbiana. Esse efeito foi proporcional às concentrações aplicadas, sendo menor em solo cultivado no SPD, em comparação aquele cultivado no SPC.This study evaluated the effect of the herbicides fluazifop-p-butyl and fomesafen in five concentrations (0.0; 1.05; 2.10; 4.20 and 8.40 µg g-1 and their mixture (Robust® on microbial activity in soil submitted to no-tillage system (NTS and

  4. Seletividade de herbicidas aplicados em pós-emergência para a cultura da mandioquinha-salsa Peruvian carrot tolerance to post-emergence herbicides

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R.S. Freitas

    2004-03-01

    Full Text Available A suscetibilidade da cultura de mandioquinha-salsa a herbicidas aplicados em pós-emergência foi avaliada, cultivando-se três mudas pré-enraizadas e uniformes por vaso de cinco litros de capacidade, preenchidos com solo Podzólico Vermelho-Amarelo Câmbico, fase terraço, coletado na camada de 0-20 cm. Utilizou-se o delineamento de blocos ao acaso, com três repetições e 39 tratamentos obtidos do arranjo fatorial (13 x 3, sendo 12 herbicidas e uma testemunha sem herbicida e três doses (uma dose baixa, uma média e uma alta. As doses dos herbicidas (em g ha-1 foram: bentazon (600, 720 e 960, clethodim (84, 96 e 108, fenoxaprop-p-ethyl (68, 90 e 110, flazasulfuron (50, 75, 100, fluazifop-p-butil (94, 187 e 250, halosulfuron (75, 112 e 150, imazamox (28, 35 e 42, linuron (900, 1.350 e 1.800, oxadiazon (500, 750 e 1.000, propaquizafop (100, 125 e 150, sethoxydim (184, 230 e 276 e amônio-glufosinato (200, 300 e 400. A colheita das plantas foi realizada aos 49 dias após a aplicação dos tratamentos (DAA. Os herbicidas halosulfuron, flazasulfuron, imazamox e bentazon causaram alta toxicidade e prejuízos para as características avaliadas, sendo considerados não-seletivos para a cultura. O linuron e oxadiazon, nas doses baixa e média, e o amônio-glufosinato, na dose baixa, proporcionaram toxicidade às plantas de mandioquinha-salsa no início das avaliações, porém observou-se boa recuperação a partir de 28 DAA. O fluazifop-p-butil foi seletivo nas menores doses utilizadas. Os herbicidas clethodim, fenoxaprop-p-ethyl, propaquizafop e sethoxydim foram os mais seletivos.The tolerance of peruvian carrot to post-emergence herbicides was evaluated. Three pre-rooted uniform seedlings were grown in 5-liter pots with Red Yellow Podzolic Cambic soil, terrace phase, collected from a 0-20 cm depth layer The experimental design was a 13 x 3 factorial arrangement [twelve herbicides, a control without herbicide, and three herbicide doses (low, medium

  5. Persistência dos herbicidas imazethapyr e imazapic em solo de várzea sob diferentes sistemas de manejo Persistence of the herbicides imazethapyr and imazapic in irrigated rice soil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.F. Kraemer

    2009-01-01

    Full Text Available A mistura formulada dos herbicidas imazethapyr e imazapic é utilizada para controlar arroz-vermelho em cultivos de arroz irrigado. Entretanto, esses herbicidas podem persistir no solo por longos períodos, causando introxicação ao arroz suscetível cultivado em sucessão. Este trabalho teve como objetivo avaliar o efeito de diferentes manejos de solo, durante a entressafra do arroz, sobre a ação residual do imazethapyr e imazapic, em arroz não tolerante. O residual desses herbicidas causou introxicação no arroz suscetível após um ano da última aplicação dos herbicidas. A introxicação atingiu valores máximos até 25 dias após a emergência (DAE, ocorrendo redução da introxicação após esse período, até praticamente desaparecer (60 DAE. O residual do herbicida alterou o estande de plantas, o número de colmos m-2, o número de panículas m-2 e a altura de plantas, porém não afetou a produtividade de grãos do arroz. O revolvimento do solo diminuiu a atividade do herbicida na camada superficial de solo (0-3 m.The mixture of herbicides imazethapyr and imazapic is used to control red rice in irrigated rice crops. However, such herbicides might persist on the soil for a long period causing phytotoxicity on susceptible rice grown in succession. The objective of this work was to determine the effect of different soil tillage systems during the off-season on the residual phytotoxicity of imazethapyr and imazapic on non tolerant rice. Herbicide residues caused phytotoxicity on susceptible rice with the highest values being registered 25 days after emergence and decreasing after this period until almost disappearing 60 days after emergence. Herbicide residues affected plant stand, number of stems per m², number of panicles per m² and plant height, but did not affect grain yield. Soil movement decreased herbicide activity on the superficial soil layer (0-3 cm.

  6. Electroconvulsive therapy in treatment-resistant mania: case reports A Eletroconvulsoterapia no tratamento da mania resistente: relatos de casos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcia Britto de Macedo Soares

    2002-02-01

    Full Text Available Electroconvulsive therapy is known to be effective in the treatment of mood disorders, more specifically for depression and mania. Although a large body of evidence confirms the efficacy of electroconvulsive therapy in the treatment of mania, few prospective studies have been done to assess its effectiveness in treatment-resistant manic episodes. These case reports describe the initial results of a study that is being conducted to evaluate the efficacy of Electroconvulsive therapy among treatment-resistant bipolar patients. METHODS: Three manic patients (according to DSM-IV criteria who were considered treatment-resistant underwent a series of 12 bilateral Electroconvulsive therapy sessions. Before the treatment and then weekly, they were evaluated with the following rating scales: Young Mania Rating Scale, Hamilton Rating Scale for Depression, Brief Psychiatric Rating Scale, and Clinical Global Impressions-Bipolar Version. RESULTS: The 3 patients showed a satisfactory response to Electroconvulsive therapy, although some differences in the course of response were observed. CONCLUSION: These case reports suggest that Electroconvulsive therapy needs further evaluation for the treatment of resistant bipolar patients.A Eletroconvulsoterapia é uma alternativa reconhecidamente eficaz no tratamento dos transtornos do humor. Embora vários estudos tenham confirmado a eficácia desta modalidade terapêutica no tratamento da mania aguda, poucos estudos foram realizados em pacientes maníacos resistentes à farmacoterapia. Esses relatos de casos descrevem resultados preliminares de um projeto de pesquisa que tem por objetivo avaliar a eficácia da Eletroconvulsoterapia no tratamento de transtornos bipolares resistentes. MÉTODOS: Três pacientes com diagnóstico de mania (de acordo com os critérios do DSM-IV, considerados resistentes ao tratamento medicamentoso, foram submetidos a 12 aplicações bilaterais de Eletroconvulsoterapia. Antes do tratamento e

  7. Amido resistente: características físico-químicas, propriedades fisiológicas e metodologias de quantificação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Walter Melissa

    2005-01-01

    Full Text Available Encontrado em diversos alimentos, o amido é a mais importante fonte de carboidratos da dieta. Potencialmente digerível pelas enzimas no trato gastrintestinal, é absorvido na forma de glicose no intestino delgado. Apesar disso, quantidade significativa de amido pode escapar a esta digestão, alcançando o cólon, onde é fermentado pela flora bacteriana. Esta fração, conhecida como amido resistente, tem sido intensamente estudada nos últimos anos devido aos potenciais benefícios à saúde humana. Vários métodos são utilizados para a determinação do amido resistente. Porém, nenhum é de aceitação unânime, uma vez que apresentam diferenças importantes nos protocolos e nos resultados obtidos. Neste contexto, o presente trabalho visa fornecer subsídios para um melhor entendimento sobre as características físico-químicas, propriedades metabólicas e fisiológicas, bem como, sobre as variações nas metodologias existentes para a determinação do amido resistente.

  8. Influência da cobertura morta no comportamento do herbicida atrazine Influence of the mulch on the behavior of atrazine

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Donizeti A. Fornarolli

    1998-12-01

    Full Text Available A cobertura morta, oriunda da dessecação ou rolagem de plantas utilizadas para esta finalidade, faz parte do sistema de semeadura direta. Ao mesmo tempo que essa cobertura promove redução na densidade populacional das espécies invasoras, intercepta os herbicidas quando aplicados sobre sua superfície. Alguns autores têm sugerido aumentar as doses dos herbicidas, o que tem gerado polêmica sobre o assunto. Com o objetivo de estudar o comportamento do herbicida atrazine sobre cobertura morta, realizaram-se experimento de campo, bioensaios e análises cromatográficas de resíduos com esse herbicida, nas doses 0,0; 1,25; 2,50; 3,75 e 5,00 kg/ha do ingrediente ativo, aplicando-o em solo descoberto e sobre cobertura morta de palha de aveia preta, com 4,5 e 9,0 t/ha. Amostras de solo de 0 a 10 cm de profundidade foram coletadas após a aplicação, antes e depois de uma irrigação de 20 mm para uso em bioensaios e análises cromatográficas de resíduo. A irrigação foi realizada 24 horas após a aplicação do herbicida. Os resultados mostraram que, nas amostras de solo coletadas antes da irrigação, 85% de cada dose foi interceptada nos dois tratamentos com cobertura morta. A irrigação de 20 mm foi suficiente para lixiviar praticamente todo o herbicida da palha para o solo, não havendo diferença significativa com os teores encontrados em solo descoberto. A cobertura morta reduziu a população de Brachiaria plantaginea, única espécie presente no experimento, para 20 e 5 plantas/m2, respectivamente, nas coberturas com 4,5 e 9,0 t/ha de matéria seca, enquanto que em solo descoberto, a população da espécie foi de 700 plantas/m2. Os controles obtidos com as doses de 1,25 kg/ha, nas duas quantidades de palha estudadas, foram superiores ao controle obtido com a dose de 5,00 kg/ha em solo descoberto, indicando que a cobertura morta, por sí só, exerce bom controle de B. plantaginea. A ocorrência de chuva após a aplicação de atrazine

  9. Seletividade de diferentes herbicidas à base de glyphosate a soja RR Selectivity of different glyphosate-derived herbicides to soybean RR

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    N. M. Correia

    2007-01-01

    Full Text Available Com o objetivo de avaliar a seletividade de variedades de soja transgênica (CD 214 RR e M-SOY 8008 RR a diferentes herbicidas à base de glyphosate (Roundup Ready, Roundup Transorb, Roundup Original, Roundup WG, Polaris, Gliz, Glifosato Nortox e Trop, foi desenvolvido experimento em condições de campo, no ano agrícola 2005/2006, na Fazenda de Ensino, Pesquisa e Produção da UNESP, campus de Jaboticabal, SP. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos ao acaso, num esquema de parcelas subdivididas, com quatro repetições. Os herbicidas foram aplicados na dose de 1,2 kg ha-1 de equivalente ácido de glyphosate, quando as plantas de soja se encontravam com a segunda folha trifoliolada totalmente expandida. Não foram observados sintomas de intoxicação dos herbicidas nas plantas de soja. Quanto às demais características avaliadas, a interação variedade x herbicida não foi significativa, indicando que os fatores comportaram-se de forma independente. Entre as variedades, as plantas de M-SOY 8008 RR apresentaram maior altura e número de nós, porém obtiveram menor produtividade de grãos que as de CD 214 RR, devido ao menor número de grãos por vagem. No tocante aos herbicidas, não houve diferença significativa entre eles, ou seja, eles não influenciaram o desenvolvimento vegetativo e reprodutivo das plantas de soja.A field experiment was conducted at the Education, Research and Production Farm of UNESP in Jaboticabal, SP, Brazil, during the agricultural year 2005/2006 to evaluate the selectivity of the glyphosate-tolerant soybean varieties (CD 214 RR and M-SOY 8008 RR to different glyphosate-derived herbicides (Roundup Ready, Roundup Transorb, Roundup Original, Roundup WG, Polaris, Gliz, Glifosato Nortox, Trop.l. A randomized block in split-plot design was used with four replications. The herbicides had been applied at 1.2 kg ae ha-1, when the soybean plants had reached the second fully expanded leaf stage. No injury due

  10. Rendimento de grãos e qualidade de sementes de soja após a aplicação de herbicidas dessecantes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Inoue Miriam Hiroko

    2003-01-01

    Full Text Available Aplicações dos herbicidas diquat (0,3kg ha-1, paraquat (0,4kg ha-1, amônio-glufosinato (0,5kg ha-1 e carfentrazone-ethyl (30g ha-1 foram efetuadas em pré-colheita (estádio R7,5 na cultura da soja, com a finalidade de observar os efeitos na produtividade e na qualidade das sementes. Não houve diferença significativa entre os tratamentos nos testes de germinação, de classificação do vigor de plântula e de sanidade, bem como na massa de cem sementes, no grau de umidade e no rendimento de sementes. No entanto, o glufosinato de amônio e a testemunha sem herbicida apresentaram maiores percentagens de plântulas normais no teste de envelhecimento acelerado, em relação aos demais tratamentos.

  11. Efeito protetor da melatonina sobre intoxicações por herbicidas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lécio L. de Almeida

    2016-03-01

    Full Text Available Resumo: O uso inadequado de herbicidas pode resultar em intoxicações agudas e, às vezes, crônicas por exposição em longo prazo a baixos níveis desses agentes tóxicos, podendo o herbicida atuar também como agentes teratogênicos, mutagênicos, cancerígenos e desreguladores endócrinos, com o aparecimento de doenças neurodegenerativas e distúrbios reprodutivos. Estudos têm revelado que a melatonina tem propriedades antioxidantes, anti-inflamatórias e imunomoduladoras e atua na reprodução. Essa indolamina está entre os agentes que têm se mostrado benéfico em intoxicações por herbicidas, porém não há relatos do uso de melatonina contra intoxicações por Glifosato-Roundup®, muito menos em associação com o Paraquat. Dessa forma, o maior interesse no tratamento das intoxicações por herbicidas, tem-se concentrado em medidas que impeçam ou minimizem as lesões celulares provocadas nos diversos sistemas biológicos. Assim, a melatonina, como antioxidante conhecido, pode ser mais uma alternativa contra as intoxicações por herbicidas associados e/ou individuais.

  12. Efeitos de herbicidas no consórcio de milho com Brachiaria brizantha Effects of herbicides on corn and Brachiaria brizantha intercropping

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A. Jakelaitis

    2005-03-01

    Full Text Available A eficiência de herbicidas aplicados em pós-emergência foi avaliada para o controle de plantas daninhas no consórcio de milho com Brachiaria brizantha e verificando seus efeitos sobre as espécies consorciadas. Os tratamentos foram representados pelos herbicidas atrazine (1.500 g ha-1, foramsulfuron + iodosulfuron methyl sodium + atrazine (15 + 1 + 1.500 e 30 + 2 + 1.500 g ha-1, foramsulfuron + iodosulfuron methyl sodium (45 + 3 g ha¹, nicosulfuron + atrazine (2 + 1.500; 4 + 1.500; 8 + 1.500; 12 + 1.500 g ha-1 mais a testemunha capinada (milho solteiro e sem capina, arranjados em blocos ao acaso, com três repetições. Foram avaliados a porcentagem de controle de Digitaria horizontalis e de espécies do gênero Ipomoea, a toxicidade à cultura do milho, a cobertura vegetal do solo, o estado nutricional e a produtividade do milho e da forrageira. Verificou-se que para D. horizontalis os herbicidas foramsulfuron + iodosulfuron methyl sodium + atrazine, foramsulfuron + iodosulfuron methyl sodium + espalhante e nicosulfuron + atrazine nas duas maiores doses proporcionaram controle semelhante (acima de 70% aos 28 dias após a aplicação (DAA. Para Ipomoea spp. houve diferença dos tratamentos apenas em relação à testemunha sem capina. Foramsulfuron + iodosulfuron methyl sodium + espalhante mostrou-se tóxico ao milho até 28 DAA, enquanto para B. brizantha somente o atrazine não causou dano. Leituras correspondentes ao teor de clorofila total, N, K e a produtividade do milho foram inferiores na testemunha sem capina e no tratamento com atrazine, sendo os demais não influenciados pelos herbicidas. Ao contrário, no período de convivência com o milho, depois da colheita deste e após período de pastejo, B. brizantha foi mais produtiva nos tratamentos em que foi aplicado atrazine e na testemunha sem capina, apresentando menor desenvolvimento nas maiores doses das sulfoniluréias.The objective of this study was to evaluate the efficiency

  13. Tolerância de espécies de Mucuna a herbicidas utilizados na cultura da cana-de-açúcar Tolerance of Mucuna species to herbicides used in sugarcane culture

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    G.B.F. Silva

    2012-09-01

    Full Text Available Os fluxos de emergência de Mucuna em canaviais, mesmo após a aplicação dos herbicidas para o manejo de plantas daninhas, permitiu elaborar a hipótese de que essas plantas são tolerantes aos herbicidas comumente utilizados na cultura. Para comprovar a hipótese, objetivou-se estudar a tolerância de Mucuna aterrima, Mucuna cinerea e Mucuna deeringiana a herbicidas de diferentes mecanismos de ação aplicados em pré e pós-emergência. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados com nove tratamentos, em cinco repetições, dispostos em esquema fatorial 3x3, mais testemunhas. Na pré-emergência, o primeiro fator foi constituído pelos herbicidas sulfentrazone (800 g ha-1, imazapic (245 g ha-1 e amicarbazone (1.400 g ha-1, e o segundo, pelas três espécies de Mucuna, além de uma testemunha para cada espécie estudada. Na pós-emergência, alteraram-se os herbicidas para clomazone (1.100 g ha-1, ametryn+trifloxysulfuron-sodium (1.463 + 37 g ha-1 e 2,4-D (1.209 g ha-1. No manejo químico em pré-emergência, verificou-se que as espécies foram sensíveis ao herbicida amicarbazone, seguido de sulfentrazone, e tolerantes ao imazapic. Na pós-emergência, todas as espécies foram sensíveis ao ametryn+trifloxysulfuron-sodium e 2,4-D, mas tolerantes ao clomazone.The emergence of Mucuna species in sugarcane plantations, even after herbicide spraying for weed management, allowed us to elaborate the hypothesis that these plants are tolerant to the herbicides commonly used in the culture. Thus, to prove this hypothesis, this work was carried out to study the tolerance of Mucuna aterrima, Mucuna cinerea and Mucuna deeringiana to application of herbicides with different mechanisms of action in pre- and post-emergence. The experiment was arranged in a randomized block design with 9 treatments and five replications in a factorial 3 x 3, plus controls. At pre-emergence, the first factor was constituted by the herbicides

  14. Efeito residual de herbicidas em pré-plantio do feijoeiro, em dois sistemas de aplicação em plantio direto e sua viabilidade econômica Economic viability of residual herbicides in dry bean pre-planting under two aplication methods

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    T. Cobucci

    2004-12-01

    Full Text Available A pesquisa teve como objetivo avaliar a eficiência e a viabilidade econômica de controle de plantas daninhas com alguns herbicidas residuais (registrados ou não, aplicados em pré-plantio na cultura do feijoeiro. O experimento foi realizado em Santo Antônio de Goiás, no ano agrícola de 1999/2000. Os herbicidas foram aplicados em cobertura das plantas daninhas Commelina benghalensis e Bidens pilosa, com 3 t ha-1 de biomassa seca. Os tratamentos foram constituídos do fatorial 2x10x3, arranjados em parcelas subsubdivididas no delineamento de blocos ao acaso, com três repetições; o primeiro fator consistiu de sistemas de dessecação da área [Sistema Integrado de Controle (SIC e Aplique e Plante]. No SIC foi usado o sulfosate (720 g ha-1 aos 20 dias antes do plantio e paraquat (200 g ha¹ adicionado aos herbicidas com efeitos residuais, aplicados imediatamente após o plantio do feijoeiro. No sistema Aplique e Plante foi aplicado o sulfosate (720 g ha¹ adicionado aos residuais, cinco dias antes do plantio do feijoeiro. O segundo fator representa a aplicação dos herbicidas com efeitos residuais, em g ha-1: sulfentrazone (200 e 300, dimethenamid (900 e 1.125, clomazone (360, pendimethalin (2.500, smetolachlor (768 e 1.152, diclosulan (12,45 e testemunha; e o terceiro, as doses dos herbicidas de pós-emergência: imazamox (15 + bentazon (240, imazamox (30 + bentazon (480 e testemunha. Os herbicidas residuais aplicados nos sistemas SIC e Aplique e Plante reduziram o crescimento inicial de Bidens pilosa. Para Euphorbia heterophylla somente os herbicidas diclosulan e sulfentrazone proporcionaram efeito semelhante. A aplicação de herbicidas residuais em pré-plantio mostrou ser viável economicamente, em virtude da redução dos de pós-emergência, exceto para os herbicidas dimethenamid e s-metolachlor.The objective of this study was to evaluate the efficiency and economic viability of controlling weeds with residual herbicides, applied in

  15. Dinâmica de nutrientes em tecidos foliares de cana-de-açúcar após aplicação de herbicidas Nutrient dynamics in sugar cane foliar tissues after herbicide application

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.R. Reis

    2008-03-01

    Full Text Available Avaliaram-se, neste trabalho, os efeitos dos herbicidas ametryn, 2,4-D, trifloxysulfuron-sodium e da mistura ametryn+trifloxysulfuron-sodium na nutrição mineral e no crescimento da cana-de-açúcar. Para isso, utilizou-se o delineamento inteiramente casualizado no esquema de parcelas subdivididas, com quatro repetições. Os efeitos dos herbicidas foram avaliados nas parcelas, e o efeito do tempo, expresso em dias após aplicação dos herbicidas (DAA, considerando as diversas amostragens nas subparcelas. Os herbicidas foram aplicados em pós-emergência, quando as plantas de cana-de-açúcar se apresentavam com três a quatro folhas. As características avaliadas foram: a altura e massa seca da parte aérea, o número de folhas, o número de perfilhos e as concentrações de macro e micronutrientes nos tecidos foliares das plantas. As concentrações de N, P e Mg nos tecidos foliares não foram afetadas pelo uso dos herbicidas, independentemente da época de avaliação (15, 30, 45 e 60 DAA. Ao longo do tempo após a aplicação, constatou-se acréscimo da taxa de acúmulo (coeficiente beta0 dos nutrientes catiônicos Ca, Mg e K em plantas expostas ao ametryn+trifloxysulfuron-sodium. Quando da aplicação do 2,4-D, verificou-se redução na taxa de acúmulo de S e alteração na dinâmica dos nutrientes Mg, Ca e K, comparado à testemunha sem herbicida. Os herbicidas provocaram redução na concentração de Fe nessa cultura aos 15 DAA, na seguinte ordem: ametryn+trifloxysulfuron-sodium > ametryn > trifloxysulfuron-sodium > 2,4-D. Em relação às plantas de cana-de-açúcar não tratadas com herbicida (testemunha, o herbicida trifloxysulfuron-sodium provocou acréscimo de 22,10% no acúmulo de massa seca da sua parte aérea aos 60 DAA. O número de perfilhos observados em plantas tratadas com trifloxysulfuron-sodium foi o dobro do encontrado com ametryn, demonstrando efeito negativo deste herbicida nessa característica. Evidenciaram

  16. Movimento do herbicida imazapyr no perfil de solos tropicais Imazapyr mobility in tropical soil profile

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L.E. Firmino

    2008-03-01

    Full Text Available Objetivou-se, no presente trabalho, avaliar a movimentação ascendente e descendente do imazapyr no perfil de três solos tropicais. Utilizaram-se colunas de PVC, formadas pela junção de seis anéis de 5 cm, perfazendo altura total de 30 cm, as quais foram preenchidas com solos muito argiloso, franco-argilo-arenoso e areia-franca. Após aplicação do imazapyr, na dose de 1 kg ha-1, na superfície das colunas, estas foram submetidas a três condições: simulação de chuva de 14 mm/35 min, seguida de repouso por 48 horas; simulação de chuva de 14 mm/35 min, seguida por repouso de 30 dias; e inversão das colunas após aplicação de imazapyr na superfície, com subirrigação por 20 dias e repouso de 10 dias. Após essa etapa, fez-se o seccionamento das colunas a cada 5 cm de profundidade. Nos solos provenientes de cada profundidade, semeou-se sorgo como bioindicador, sendo avaliada a massa seca da parte aérea das plantas aos 21 dias após a semeadura. A maior movimentação descendente do imazapyr foi observada no solo areia-franca (até 25 cm, seguido pelos solos franco-argilo-arenoso (até 20 cm e muito argiloso (até 15 cm. A movimentação ascendente desse herbicida ocorreu junto com a água, ocasionando sua distribuição em toda a extensão da coluna (30 cm nos solos franco-argilo-arenoso e areia-franca. No solo muito argiloso, o herbicida movimentou-se cerca de 25 cm na vertical ascendente. O imazapyr apresentou alta mobilidade nos três solos, junto com o movimento da água no perfil, tanto no sentido ascendente como no descendente. Essa alta mobilidade pode levar à contaminação de corpos d'água, bem como ocasionar ciclos de permanência do produto nas camadas mais superficiais, de acordo com a disponibilidade de umidade no solo.The experiment was carried out in columns filled with three different tropical soils, (very clayey soil, sand loam soil and sand clay loam soil to evaluate ascending and descending movement of

  17. Atributos do solo e biomassa radicular após quatro anos de semeadura direta de forrageiras de estação fria em campo natural dessecado com herbicidas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    E. Pérez Gomar

    2002-03-01

    Full Text Available Os campos naturais, desenvolvidos sobre solos arenosos da região norte do Uruguai, são compostos por espécies forrageiras, sobretudo de gramíneas de produção estacional, com baixa produtividade no inverno. O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito da dessecação do campo natural no estabelecimento de espécies de estação fria em atributos do solo e biomassa radicular. O estudo, iniciado em 1994, utilizou delineamento experimental de blocos ao acaso com parcelas subsubdivididas, com três repetições. Nas parcelas principais, em 1994, foram aplicados os tratamentos com herbicidas (paraquat 0,60gha-1i.a., glifosate 0,36gha-1i.a. e glifosate 1,44gha-1i.a. e testemunha sem herbicida em campo natural para a semeadura de pastagens de inverno. Nessas parcelas, a pastagem de inverno foi aveia preta (avena strigosa L., triticale (X Triticosecale Wittmack e azevém (Lolium multiflorum L.. As subparcelas foram formadas pela reaplicação ou não dos herbicidas em 1995 e as subsubparcelas foram formadas pela reaplicação ou não dos herbicidas em 1996. As amostras de solo para determinar a biomassa radicular, a densidade do solo, o carbono (C orgânico do solo, bases trocáveis, Al trocável e o pH do solo foram extraídas separadamente, em três subamostras, usando cilindro metálico de 7,65cm de diâmetro e 40cm de comprimento. Os monolitos extraídos foram estratificados até 30cm de profundidade nas camadas de 0-5, 5-10, 10-15, 15-20 e 20-30cm. A biomassa radicular foi maior na testemunha do que a média dos tratamentos com herbicidas somente na camada de 0-5cm, e, entre os tratamentos com herbicidas, a biomassa radicular foi maior com paraquat do que com o glifosate. A reaplicação de herbicidas, em 1995 e 1996, também ocasionou redução da biomassa radicular. Houve alta correlação positiva de C orgânico com a biomassa radicular. A redução de C orgânico para o tratamento mais agressivo de controle químico (glifosate 1,44gi

  18. Resistência de Eleusine indica aos inibidores de ACCase Eleusine indica resistance to ACCase inhibitors

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R.A. Vidal

    2006-01-01

    Full Text Available Dentre as causas da ineficácia no controle de plantas daninhas destaca-se a resistência delas aos herbicidas. Os objetivos deste trabalho foram avaliar a suspeita de resistência de Eleusine indica a inibidores de acetil-CoA carboxilase (ACCase e investigar a ocorrência de resistência cruzada entre os inibidores de ACCase. Biótipo de Eleusine indica originado do Mato Grosso com suspeita de resistência aos herbicidas inibidores de ACCase foi avaliado em casa de vegetação na sua suscetibilidade para diversos produtos do grupo dos ariloxifenoxipropionatos e cicloexanodionas. Estudos de resposta à dose confirmaram que o biótipo era 18 vezes mais insensível ao sethoxydim do que biótipo suscetível nunca aspergido com herbicidas. Também se constatou resistência cruzada ao fenoxaprop, cyhalofop, propaquizafop e butroxydim. Não se observou resistência cruzada aos produtos fluazifop, haloxyfop, quizalofop e clethodim.Among the causes for weed control inefficacy, the worst one is resistance to herbicides. The objectives of this work were to evaluate an Eleusine indica biotype suspected of resistance to ACCase inhibitors and to investigate the occurrence of cross- resistance to several ACCase inhibitors. One biotype of Eleusine indica originated from Mato Grosso with suspected resistance to ACCase inhibitors was evaluated in a greenhouse in relation to its susceptibility to several products of the ariloxyphenoxypropionate and cyclohexanedione groups. Studies on dose response confirmed that the suspected biotype was 18 times more insensitive to sethoxydim than the susceptible biotype that had never been treated with herbicides. Cross-resistance was confirmed for fenoxaprop, cyhalofop, propaquizafop and butroxydim. No cross-resistance was observed with fluazifop, haloxyfop, quizalofop, and clethodim.

  19. Produtividade e qualidade de sementes de soja em função de estádios de dessecação e herbicidas Productivity and quality of soybean seeds in function of desiccation stages and herbicides

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    V.F. Guimarães

    2012-09-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a melhor época de aplicação de dessecantes, de forma a permitir antecipação da colheita sem prejudicar a produtividade e qualidade de sementes de soja. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso em esquema fatorial (3x3 + 1, com quatro repetições. Um dos fatores foi constituído pelos herbicidas dessecantes paraquat, glufosinato de amônio e glyphosate, nas doses de 400, 400 e 960 g i.a. ha-1, respectivamente. Outro fator constituiu-se de três estádios de aplicação dos herbicidas, via pulverização (R6, R7.2 e R8.1. Avaliaram-se a antecipação da colheita, massa de 100 sementes, produtividade, germinação e vigor das sementes. A utilização de herbicidas, aliada aos estádios fenológicos de aplicação, permitiu antecipar a colheita de um a seis dias. A dessecação de plantas de soja em pré-colheita com os herbicidas nos diferentes estádios fenológicos não afetou a produtividade. O herbicida glufosinato de amônio reduziu a germinação de sementes de soja quando aplicado no estádio R6. O herbicida glyphosate reduziu o vigor das sementes de soja quando aplicado nos estádios R6 e R7.2. O herbicida paraquat promoveu os melhores índices de germinação e vigor de sementes de soja quando utilizado nos estádios R6 e R7.2.The objective of this work was to evaluate the best time to apply desiccants to allow earlier harvesting without compromising seed quality and yield of soybean plants. The experiment was arranged in a randomized block design in a factorial scheme (3x3 + 1, with four replications. One factor was composed of the desiccant herbicides paraquat, glufosinate ammonium, and glyphosate at doses of 400, 400, and 960 g a.i. ha-1, respectively. The other factor was constituted of three phenological herbicide application stages (R6, R7.2, and R8.1. Harvest anticipation, mass of 100 seeds, yield, germination, and seed vigor were evaluated. The use of herbicides combined with

  20. Efeitos da aplicação de herbicidas sobre a eficiência fotoquímica em plantas de soja convencional e geneticamente modificada Effects of herbicides application on photochemical efficiency in conventional and genetically modified soybeans

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria José Pinheiro Corrêa

    2010-10-01

    Full Text Available Objetivou-se, neste trabalho, avaliar o efeito da aplicação de herbicidas em pós-emergência sobre a eficiência fotoquímica de duas cultivares de soja (M-SOY 7908 RR e M-SOY 8001. O delineamento experimental utilizado foi em blocos ao acaso, com quatro repetições. Os tratamentos constaram da aplicação de herbicidas isolados e em misturas: lactofen, glyphosate, lactofen + chlorimuron-ethyl, chlorimuron-ethyl + imazethapyr, chlorimuron-ethyl + bentazon, glyphosate + imazethapyr, lactofen + chlorimuron-ethyl + imazethapyr e lactofen + chlorimuron-ethyl + imazethapyr/haloxyfop-methyl. Além disso, foram mantidas duas testemunhas sem aplicação de herbicida. As avaliações foram realizadas aos 4; 11; 18; 25 e 32 dias após aplicação dos herbicidas (DAA no primeiro ano, e aos 6, 14, 21, 28 e 35 DAA, no segundo. A cultivar M-SOY 8001 foi suscetível à aplicação dos herbicidas, principalmente às misturas contendo lactofen + chlorimuron-ethyl e lactofen + chlorimuron-ethyl + imazethapyr + haloxifop-methyl, os quais provocaram redução no rendimento quântico máximo do PSII (Fv/Fm. As duas cultivares apresentaram suscetibilidade aos herbicidas quando tratados com lactofen aplicado isolado e nas misturas lactofen + chlorimuron-ethyl, chlorimuron-ethyl + imazethapyr, lactofen + chlorimuron-ethyl + imazethapyr e lactofen + chlorimuron-ethyl + imazethapyr + haloxifop-methyl com redução nos teores de clorofila, estimados pelo Medidor Portátil de Clorofilas. Os danos foram reversíveis, desaparecendo gradativamente com a idade das plantas.The objective of this work was to evaluate the influence of post-emergency herbicide application on the photosynthetic activity of two soybean cultivars (M-SOY 7908 RR and M-SOY 8001. A randomized block experimental design was used with four replicates. Treatments consisted of applied herbicide mixtures or herbicides only: lactofen, glyphosate, lactofen + chlorimuron-ethyl, chlorimuron-ethyl + imazethapyr

  1. Hipertensão pseudo-resistente causada por baixa adesão terapêutica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alfredo Dias Oliveira-Filho

    2015-09-01

    Full Text Available Este estudo teve como objetivo identificar pacientes com hipertensão arterial pseudo-resistente causada pela não-adesão terapêutica. Foi realizado um estudo transversal com pacientes com hipertensão atendidos pela Estratégia de Saúde da Família. As entrevistas e medidas da pressão arterial ocorreram nas residências dos pacientes cadastrados em uma unidade de saúde da família, em Maceió, entre abril de 2011 e fevereiro de 2012. Os pacientes com pressão arterial não-controlada foram classificados como pacientes com hipertensão arterial resistente (HAR ou com hipertensão pseudo-resistente, definida como a observação de falha no controle da PA causada por farmacoterapia anti-hipertensiva inapropriada, não adesão aos anti-hipertensivos, medida inadequada da PA ou efeito do jaleco branco. A adesão terapêutica foi determinada por meio da Escala de Adesão Terapêutica de oito itens de Morisky (MMAS-8. Foram investigados 173 pacientes, com idade média de 55 anos (DP 11,08 e predominância do sexo feminino (71,0%. Observou-se que 63,0% dos pacientes apresentaram PA não-controlada, dentre estes, 87,2% não eram aderentes à farmacoterapia anti-hipertensiva. Apenas 4 (2,3% pacientes foram identificados com HAR. No total, 95 pacientes não-aderentes (54,9% poderiam ser diagnosticados erroneamente como portadores de HAR, caracterizando a hipertensão pseudo-resistente causada por não-adesão. Observou-se que a não-adesão à farmacoterapia anti-hipertensiva parece ser uma relevante – e potencialmente a principal – causa da hipertensão pseudo-resistente. A identificação e remoção de tal causa podem contribuir significativamente para o diagnóstico da hipertensão resistente, evitando superexposição a medicamentos desnecessários e terapias adicionais excessivas.Palavras-chave: Pressão arterial. Hipertensão resistente. Adesão à medicação. Hipertensão pseudo-resistente. ABSTRACTMedication adherence in patients with

  2. Personalidad Resistente en Carreras de Fondo: comparativa entre ultra fondo y diez kilómetros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo de la Vega

    2011-01-01

    Full Text Available La Personalidad Resistente es una característica individual que permite hacer frente a los estímulos estresores de la vida y convertirlos en oportunidades de crecimiento (Kobasa, 1979; Maddi, 2006. Sus tres componentes: Compromiso, Control y Desafío pueden proteger a los deportistas contra las impredecibles situaciones de las carreras de fondo. El objetivo de este estudio fue comparar por primera vez los niveles de personalidad resistente de dos grupos de corredores de fondo, así como determinar si existe una relación entre los niveles de personalidad resistente y el rendimiento deportivo. 130 voluntarios (69 corredores de ultrafondo y 61 corredores participantes de una prueba de 10.06 kilómetros con un rango de edad de 20 a 56 años (M = 35.4, DT = 7.3, quienes completaron el día de la competición la Escala de Personalidad Resistente en Maratonianos (EPRM (Jaenes, Godoy y Román, 2008. El análisis de comparación de medias, reveló que no existieron diferencias significativas entre ambos grupos de corredores de fondo (Z = .280, p = .77, así mismo las mejores marcas en la prueba de ultra fondo fueron independientes de los niveles de personalidad resistente (r = -.072, p = .30, aquellos corredores que completaron el recorrido de ultrafondo no presentaron niveles mayores de personalidad resistente que los deportistas que abandonaron (p =. 78. Los resultados sugieren que un nivel elevado de personalidad resistente forma parte de las características psicológicas de los corredores de fondo. Por otra parte un nivel elevado de personalidad resistente no tuvo influencia sobre el rendimiento obtenido en una carrera de ultrafondo.

  3. Seletividade e eficácia de herbicidas inibidores da enzima accase na cultura da mamona Selectivity and efficacy of accase-inhibiting herbicides in castor bean crop

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C.D.G Maciel

    2011-09-01

    Full Text Available O experimento foi conduzido com o objetivo de avaliar a seletividade e eficácia de herbicidas inibidores de ACCase na cultura da mamoneira AL Guarany 2002, no município de Paraguaçu Paulista/SP, durante a safra 2002/2003. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos ao acaso, com 11 tratamentos e quatro repetições, constituídos pelos herbicidas e adjuvantes: fluazifop-p-butil (313 g ha-1 + Agral® (0,2% v/v; sethoxydim (322 g ha-1 + Assist®(0,5% v/v; haloxyfop-methyl (120 g ha-1 + Assist® (0,5% v/v; clethodim+fenoxaprop-p-ethyl (75 g ha-1 + Assist® (0,5% v/v; quizalofop-p-ethyl (125 g ha¹ + Assist® (0,5% v/v; clethodim (156 g ha-1 + Assist® (0,5% v/v; propaquizafop (175 g ha-1 + Assist® (0,5% v/v; tepraloxydim (400 g ha-1 + Dash® (0,5% v/v; butroxydim (100 g ha-1 + Dash® (0,5% v/v; isoxaflutole (60 g ha-1; e testemunha capinada. No momento da aplicação a mamoneira encontrava-se com 4 a 6 folhas, e o Cenchrus echinatus, com 1 a 5 perfilhos. A mamoneira cv. AL Guarany 2002 apresentou alta seletividade aos herbicidas inibidores de ACCase, não sendo verificada fitointoxicação aos 14 DAA (dias após aplicação, com exceção do tepraloxydim, onde os sintomas persistiram até os 21 DAA, e do isoxaflutole (inibidor de HPPD, por apresentar injúrias nas folhas mais velhas e redução significativa de produtividade. A infestação de C. echinatus foi eficientemente controlada pelos herbicidas inibidores de ACCase entre 14 e 21 DAA (≥ 95,0%.This experiment aimed to evaluate the selectivity and efficacy of ACCase-inhibiting herbicides in castor bean crop, at Paraguaçu Paulista, São Paulo, during the 2002/03 agricultural season. The experimental design used was randomized complete blocks, with eleven treatments and four replicates, constituted by the following herbicides and adjuvants: fluazifop-p-butyl (313 g ha-1 + AgralTM (0.2% v/v; sethoxydim (322 g ha-1 + AssistTM (0.5% v/v; haloxyfop-methyl (120 g ha-1 + AssistTM (0

  4. Seletividade de herbicidas aplicados em pré-emergência sobre cultivares de batata Selectivity of herbicides applied in pre-emergence on different potato cultivars

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Munhoz Felipe

    2006-01-01

    Full Text Available O presente trabalho foi realizado na Estação Experimental Agrícola da BASF S.A., situada na rodovia SP 310, km 144, no município de Santo Antonio da Posse-(SP, em área de Latossolo Vermelho distrófico com textura média. Quatro experimentos foram desenvolvidos com o objetivo de avaliar a seletividade dos herbicidas dimethenamid, metribuzin e linuron, aplicados em diferentes doses, na condição de pré-emergência, sobre as características de produção e qualidade dos tubérculos de quatro cultivares de batata (Solanum tuberosum L.. Utilizou-se, em todos os experimentos, o delineamento experimental de blocos ao acaso, com cinco repetições e parcelas de 21 m² (3 x 7 m. Os tratamentos utilizados foram: testemunha capinada, dimethenamid nas doses de 0,75, 1,50 e 3,00 kg ha-1, metribuzin a 0,48 e 0,72 kg ha-1 e linuron a 1,50 e 2,00 kg ha-1. Foram realizadas três avaliações visuais de fitotoxicidade aos 24, 31, e 42 dias após a aplicação (DAA. A severidade das injúrias visuais verificadas nas plantas das diferentes cultivares de batata foi dependente do herbicida, da dose aplicada e da cultivar utilizada. O herbicida dimethenamid, na dose de 3,00 kg ha-1, foi o tratamento que proporcionou as maiores porcentagens visuais de área foliar injuriada, no entanto tais sintomas desapareceram completamente aos 42 DAA. Nenhum tratamento com herbicida interferiu negativamente na produção de tubérculos, na massa seca dos tubérculos e no tamanho final dos tubérculos colhidos.The present research was carried out at the Agricultural Experimental Station of BASF S.A., located in the SP 340, highway km 144, Santo Antonio de Posse, State of São Paulo, on a dystrophic dark Red Latosol (Rhodic Haplustox area, with medium texture. Four experiments were carried out to evaluate the selectivity of the herbicides dimethenamid, metribuzin and linuron, applied at different rates, in the pre-emergence condition, in the production characteristics and

  5. Destino ambiental dos herbicidas do grupo das imidazolinonas: revisão Environmental fate of imidazolinone herbicides: a review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.F. Kraemer

    2009-01-01

    Full Text Available Os herbicidas do grupo das imidazolinonas controlam um amplo espectro de plantas daninhas, sendo absorvidos pelas raízes e folhas e translocados pelo floema e xilema, acumulando-se nos pontos de crescimento. Esse grupo de herbicidas atua inibindo a enzima acetolactato sintetase (ALS, essencial no processo de síntese de aminoácidos de cadeia ramificada em plantas. Quando aplicados nas lavouras, uma proporção significativa deles atinge o solo, onde são passíveis de serem absorvidos pelas raízes das plantas, sorvidos aos coloides do solo ou dissolvidos na sua solução, podendo sofrer fotólise, hidrólise, degradação microbiana ou lixiviação. A sorção das imidazolinonas é rápida e regula os outros processos. Altos conteúdos de argila e matéria orgânica e pH menor que 6,0 em solos aumentam a sorção e a persistência das imidazolinonas no solo. Condições que favoreçam o desenvolvimento de microrganismos aumentam a degradação das imidazolinonas, por ser essa a principal via de sua degradação.The herbicides of the imidazolinone group control a wide range of weed species. They are absorbed by weed roots and leaves and transported through the phloem and xylem, accumulating in the plant growing points. They inhibit the enzyme acetolactate synthase (ALS, which synthesizes the branched chain amino acids. When used in the field, a large portion of these herbicides reach the soil, where they can be absorbed by the roots of plants, sorbed into the soil colloids, or dissolved in soil solution, going through photolysis, hydrolysis, microbial degradation or leaching. The sorption of imidazolinone is faster and affects other processes. High contents of clay, organic matter and pH lower than 6.0 contribute to enhance the sorption and persistence of imidazolinones in soil. The most important way of dissipation is by microbial degradation, thus conditions favoring microbial development will also enhance imidazolinone degradation.

  6. Efeito de herbicidas sobre quatro espécies de trapoeraba Effect of herbicides on four wandering-jew species

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    D.C. Rocha

    2007-01-01

    Full Text Available O controle químico de espécies do gênero Commelina (trapoerabas é, muitas vezes, insatisfatório, apesar do uso intenso de herbicidas. O presente trabalho teve como objetivo avaliar o controle de quatro espécies daninhas de Commelina com o uso de diferentes herbicidas aplicados em pós-emergência. Foram avaliadas plantas de C. benghalensis, C. villosa, C. diffusa e C. erecta, em estádio com mais de quatro folhas e caules com cerca de 15 a 25 cm de comprimento, submetidas aos tratamentos com carfentrazone-ethyl (30 e 50 g ha-1, glyphosate (960 g ha-1, carfentrazone-ethyl + glyphosate (30 + 960 g ha-1 e sulfentrazone + glyphosate (150 + 960 g ha-1, além de uma testemunha sem aplicação. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, com quatro repetições. Verificou-se que o controle químico de trapoerabas foi dependente da espécie, sendo C. benghalensis controlada mais eficientemente com os tratamentos testados, enquanto C. erecta apresentou o menor controle. A aplicação de glyphosate em mistura com carfentrazone-ethyl foi mais eficiente no controle das espécies de trapoeraba do que os demais tratamentos empregados.Chemical weed control of Commelina species (wandering-jew is sometimes unsatisfactory. This work was carried out to observe the effect of herbicides on Commelina species at post-emergence. C. benghalensis, C. villosa, C. diffusa and C. erecta were treated with carfentrazone-ethyl (30 g ha-1 and 50 g ha-1, glyphosate (960 g ha-1, carfentrazone-ethyl plus glyphosate (30 + 960 g ha-1, sulfentrazone plus glyphosate (150 + 960 g ha-1, and a control, when the plants displayed 15 to 25 cm long stems. The experimental design was completely randomized with four replications. Commelina chemical control was different among species. Best control was achieved with C. benghalensis and C. erecta had the worst level of control. The treatment with carfentrazone-ethyl plus glyphosate showed the best results on the control of

  7. Arquitectura sismo-resistente: respuesta morfológica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giulani, Hugo

    1994-12-01

    Full Text Available In the previous reports (1 and (2 we raised the question of the necessity to develop an Earthquake-Resistant Architecture which would make the integral solution of the seismic problem in buildings possible. We established the grounds, objectives, basic principles and methodology for defining the guidelines to be followed in making the architectural design and structural earthquake-resistant design compatible. The present report brings the proposal of an architectural response from the morphological point of view, allowing us to reach an adequate final form which consists of eliminating all the incompatibilities produced by the seismic demands and determining factors, in other words, we search for an architectural design which, owing to its very morphology, is able to satisfy the said conditions; an "Adequate Final Form" which in itself avoids the bothersome guidelines for making the structural and architectural designs compatible, transforming them into morphological responses to each seismic determining factor.

    En informes anteriores (1 y (2 planteamos la necesidad de desarrollar una Arquitectura Sismo-resistente, que posibilite la solución integral del problema sísmico de los edificios. Se establecieron los fundamentos, objetivos, principios básicos y metodología para deducir las pautas de compatibilización del diseño arquitectónico con el diseño estructural sismo-resistente. En el presente informe se propone una respuesta arquitectónica desde la morfología, que permite llegar a una forma final ajustada, en el sentido de eliminar toda incompatibilidad respecto de las exigencias o condicionantes sísmicos. Es decir, un proyecto arquitectónico que por su propia morfología satisfaga dichos condicionantes. Una "Forma Final Ajustada" que evita, por sí misma, las engorrosas pautas de compatibilización del diseño estructural con el diseño arquitectónico, transformándolas en respuestas morfológicas a cada condicionante sísmico.

  8. Seletividade de herbicidas registrados para a cultura do milho a adultos de Trichogramma pretiosum (Hymenoptera: Trichogrammatidae Selectivity of herbicides registered on corn to Trichogramma pretiosum (Hymenoptera: Trichogrammatidae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    G.J. Stefanello Júnior

    2008-06-01

    Full Text Available A seletividade de 24 herbicidas registrados para a cultura do milho foi avaliada a Trichogramma pretiosum em condições de laboratório (temperatura de 25±1 ºC, umidade relativa de 70±10%, fotofase de 14 horas e luminosidade de 500 lux. Adultos de T. pretiosum foram colocados em contato com uma película seca dos herbicidas pulverizados sobre placas de vidro e avaliou-se a capacidade de parasitismo das fêmeas. A redução na capacidade de parasitismo dos tratamentos foi comparada com a da testemunha (água destilada e utilizada para classificar os herbicidas em 1, inócuo (99%. Os herbicidas Callisto, Equip Plus, Extrazin SC, Primóleo, Provence 750 WG e Siptran 500 SC são inócuos (classe 1; Agrisato 480 SL, Gesaprim GrDA, Glifos, Glyphosate Nortox, Gliz 480 SL, Polaris, Primatop SC, Sanson 40 SC, Trop e Zapp Qi, levemente nocivos (classe 2; Finale, Herbadox, Poast, Roundup Original, Roundup Transorb e Roundup WG, moderadamente nocivos (classe 3; e Gramoxone 200 e Primestra Gold, nocivos (classe 4 aos adultos de T. pretiosum, nas dosagens utilizadas. Os herbicidas nocivos (classes 2, 3 e 4 deverão passar para as etapas seguintes, que envolverão testes sobre as fases imaturas do parasitóide em condições de laboratório e adultos a campo.The selectivity of 24 herbicides registered on corn to Trichogramma pretiosum (Hymenoptera: Trichogrammatidae was assessed under laboratory conditions (25 ± 1 ºC temperature, 70 ± 10% relative humidity, 14 4 photophase and brightness 500 lux. The adult parasitoids were submitted to a dry film of the herbicides applied on glass plates and the parasitism capacity of the females was evaluated. Reduced parasitism capacity in the treatments was compared with the negative control (distilled water and used to classify the herbicides into four categories: 1, harmless ( 99%. The herbicides Callisto, Equip Plus, Extrazin SC, Primóleo, Provence 750 WG and Siptran 500 SC were found to be harmless (class 1

  9. Controle de plantas daninhas na cultura do milho-pipoca com herbicidas aplicados em pós-emergência Weed control in popcorn maize using post emergence herbicide

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A. Jakelaitis

    2005-09-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar a eficiência de controle de plantas daninhas, a tolerância e a produção de milho-pipoca UFVM2 aos herbicidas atrazine (1.500 g ha-1, foramsulfuron + iodosulfuron methyl sodium + atrazine (15+1+1.500 e 30+2+1.500 g ha-1, foramsulfuron + iodosulfuron methyl sodium (15+1, 30+2, 45+3 e 60+4 g ha-1, nicosulfuron + atrazine (8+1.500 e 16+1.500 g ha-1 e nicosulfuron (16 g ha-1. A aplicação dos herbicidas foi realizada aos 25 dias após a emergência da cultura. As plantas daninhas predominantes na área foram Brachiaria plantaginea, Brachiaria decumbens e Ipomoea spp. Os herbicidas foramsulfuron + iodosulfuron methyl sodium, em todas as doses testadas, proporcionaram maiores índices de toxidez à cultura, aos 7, 14 e 28 dias após a aplicação dos tratamentos (DAA. Todas as combinações de herbicidas proporcionaram controle acima de 90% para B. plantaginea e B. decumbens, aos 28 DAA. O nicosulfuron aplicado isoladamente proporcionou controle de apenas 80% e o atrazine não controlou essas espécies daninhas. Para Ipomoea spp., nenhum tratamento herbicida proporcionou controle equivalente ao da testemunha capinada. A competição das plantas daninhas resultou em menores teores de clorofila total, N, P e K no tecido foliar das plantas de milho-pipoca e menor rendimento de grãos. Para o cultivar UFVM2, as sulfoniluréias isoladas ou associadas ao atrazine não afetaram o estado nutricional da cultura, o rendimento e a capacidade de expansão dos grãos de milho-pipoca.The efficiency of different herbicide combinations for weed control and tolerance and yield of UFVM2 popcorn maize were evaluated. The herbicide treatments and respective doses were: atrazine (1.500 g ha-1; foramsulfuron + iodosulfuron methyl sodium + atrazine (15+1+1.500 and 30+2+1.500 g ha-1; foramsulfuron + iodosulfuron methyl sodium (15+1, 30+2, 45+3, and 60+4 g ha-1; nicosulfuron + atrazine (8+1.500 and 16+1.500 g ha-1 and nicosulfuron (16 g ha-1. The

  10. COMPORTAMENTO DE HERBICIDA EM SOLO DE VÁRZEA COM DRENAGEM SUBTERRÂNEA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    CRUCIANI D.E.

    1996-01-01

    Full Text Available O conhecimento do comportamento de herbicidas é fundamental na avaliação de sua eficácia na agricultura e na compreensão do impacto ambiental causado por estes produtos químicos. A drenagem do solo pode influir no comportamento do herbicida pois pode atuar como fator modificador de sua mobilidade, transporte, arraste superficial e infiltração no solo e consequentemente, da contaminação de águas subterrâneas. A presente pesquisa teve por objetivo verificar o efeito de um sistema de drenagem subterrâneo sobre o arraste lateral, lixiviação e contaminação do lençol freático pelo herbicida trifluralina aplicado em pré-emergência na cultura do milho. Os resultados obtidos das avaliações efetuadas na superfície do solo, na profundidade de 0 - 15 cm e na água de drenagem permitiram concluir, principalmente, que a drenagem subterrânea funciona como redutor da lixiviação superficial do herbicida, diminuindo assim os riscos de contaminação ambiental.

  11. Denervação Renal com Cateter Irrigado em Hipertensos Resistentes: Uma Estratégia Promissora?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Armaganijan

    2014-04-01

    Full Text Available Fundamento: A hipertensão arterial sistêmica constitui importante problema de saúde pública e significativa causa de mortalidade cardiovascular. A elevada prevalência e as reduzidas taxas de controle tensional despertaram o interesse por estratégias terapêuticas alternativas. A denervação simpática renal percutânea surgiu como perspectiva no tratamento de hipertensos resistentes. Objetivo: Avaliar a factibilidade e a segurança da denervação renal com cateter irrigado. Métodos: Dez hipertensos resistentes foram submetidos ao procedimento. O desfecho primário foi a segurança, avaliada por eventos adversos periprocedimento, função renal e anormalidade vascular renal aos 6 meses. Os desfechos secundários constituíram mudanças na pressão arterial (consultório e monitorização ambulatorial e no número de anti-hipertensivos aos 6 meses. Resultados: A média de idade foi de 47,3 (± 12 anos, 90% eram mulheres. No primeiro caso, houve dissecção de artéria renal causada por trauma da bainha, fato que não se repetiu após ajuste técnico, demonstrando efeito da curva de aprendizado. Nenhum caso de trombose/infarto renal ou óbito foi reportado. Não se observou elevação dos níveis séricos de creatinina durante o seguimento. Aos 6 meses, diagnosticou-se um caso de estenose significativa de artéria renal, sem repercussão clínica. A denervação renal reduziu a pressão arterial de consultório, em média, em 14,6/6,6 mmHg (p = 0,4 tanto para pressão arterial sistólica como para a diastólica. A redução média da pressão arterial pela monitorização ambulatorial foi de 28/17,6 mmHg (p = 0,02 e p = 0,07 para pressão arterial sistólica e diastólica, respectivamente. Houve redução média de 2,1 anti-hipertensivos. Conclusão: A denervação renal é factível e segura no tratamento da hipertensão arterial sistêmica resistente. Estudos maiores são necessários para confirmar nossos resultados.

  12. Amido resistente em diversas fontes não convencionais de amido

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C. Fontinha

    2016-02-01

    Full Text Available Amido resistente (AR é aquele que não é digerido no intestino delgado, conduzindo a efeitos benéficos para a saúde, tal como a fibra dietética faz. Procedeu-se à determinação do AR em farinhas e amidos extraídos de duas variedades de castanha (Castanea sativa Mill, Longal e Martainha, da bolota de azinheira (Quercus rotundifolia e da glande do sobreiro (Quercus suber. As farinhas foram obtidas por moenda dos frutos após secagem a diferentes temperaturas, 40º C, 50º C, 60ºC e 70ºC. Posteriormente, procedeu-se ao isolamento dos amidos das farinhas, através da aplicação de dois métodos de extracção: um físico-químico e outro enzimático. Verificou-se que os teores de AR mais elevados foram os apresentados pelas farinhas dos frutos secos a 60ºC, sendo de 46,8%, 36,5%, 39,9% e 43,9%, respectivamente para as castanhas das variedades Longal e Martainha, para a bolota e para a glande. O método de extracção que apresentou valores mais elevados de AR para os amidos extraídos dos diferentes materiais foi o método físico-químico. Tudo indica que a secagem dos frutos a 60ºC e a aplicação do método de extracção do amido pelo processo físico-químico nas farinhas dos frutos secos a esta temperatura são aqueles que melhor preservam a estrutura dos amidos.

  13. Controle de plantas daninhas em soja com doses reduzidas de herbicidas Soybean weed control with reduced rates of herbicides

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nilson G. Fleck

    1995-01-01

    Full Text Available doses reduzidas dos herbicidas haloxyfop-methyl e sethoxydim para controlar papuã [Brachiaria plantaginea (Link Hitchc.] na cultura da soja [Glycine max (L. Merrill. Haloxyfop-methyl foi testado nas doses de 120, 90, 60 e 30+30 g/ha; já sethoxydim o foi nas doses de 220, 165, 110 e 55+55 g/ha. A pulverização dos herbicidas ocorreu 15 dias após a semeadura da soja; nesta ocasião, a maioria das plantas de papuã encontravam-se no estádio de três a quatro folhas. Os tratamentos herbicidas com doses reduzidas em aplicações seqüenciais, tiveram a segunda pulverização realizada 11 dias após a primeira aplicação. Foi obtido controle ao redor de 95% para todos os tratamentos, com pequenas variações não significativas. O rendimento de grãos de soja foi equivalente entre a testemunha capinada e os tratamentos haloxyfop-methyl a 90 e 60 g/ha, sethoxydim a 220, 110 e 55+55 g/ha. Os demais tratamentos foram semelhantes entre si, superando a testemunha infestada, a qual apresentou o menor rendimento de grãos. Os resultados evidenciam a viabilidade da utilização de doses reduzidas, as quais podem alcançar patamares de produtividade tão elevados quanto aqueles obtidos com doses plenas.During the 1993/94 growing season, it was carried out a field experiment at the Agronomic Experimental Station of Federal University of Rio Grande do Sul, in Eldorado do Sul, RS, Brazil, in order to evaluate the possibility of using reduced rates of the herbicides haloxyfop-methyl and sethoxydim for Alexandergrass [Brachiaria plafitaginea (Link Hitchc.] control in soybeans. Haloxyfop-methyl was tested at 120, 90, 60, and 30+30 g/ha, where as sethoxydim was at rates, of 220, 165, 110, and 55+55 g/ha. Herbicide spraying occurred 15 days after soybean sowing; at this time Alexandergrass plants ranged from one leaf to one tiller. Herbicide treatments using reduced rates in sequential applications had the second spraying accomplished 11 days after the first one

  14. Resistencia ao brometo de etidio em aspergillus nidulans

    OpenAIRE

    Maria Elizabeth Scarazzatti Frau

    1985-01-01

    Resumo: O presente trabalho teve por objetivo isolar e ana-lisar geneticamente mutantes de Aspergillus nidulans resistentes ao Brometo de Etídio (BE), bem como estudar os efeitos da riboflavina em relação a toxicidade do BE. Foram isolados mutantes espontâneos e induzidos. Dos mutantes isolados espontaneamente apenas 3 continuaram a apresentar resistência, sendo 1 da linhagem A e 2 da linhagem biAl methGl. Os outros mutantes (16) foram obtidos por indução com luz ultravioleta. Destes apenas 9...

  15. Residual activity of herbicides used in soybean agriculture on grain sorghum crop succession Atividade residual de herbicidas utilizados na cultura da soja sobre o sorgo granífero cultivado em sucessão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    H.A. Dan

    2010-01-01

    Full Text Available The sorghum is a kind of prominence before the cultures used in succession in the Brazil. However, little information concerning the effects of residual activity of herbicides on the crop in this region are known. The objective of this study was to evaluate the residual activity of herbicides used in weed management in soybeans as well as check their effects on grain sorghum grown in succession. For the field experiment, we used a randomized block design with four replications. Eight herbicide treatments were evaluated: imazaquin (0,161 kg ha-1, diclosulam (0,035 kg ha-1, sulfentrazone (0,600 kg ha-1 and flumioxazin (0,05 kg ha-1 in applications made before emergency and chlorimuron-ethyl (0,015 kg ha-1, imazethapyr (0,060 kg ha-1, imazethapyr (0,100 kg ha-1 and fomesafen (0,250 kg ha-1 applied post-emergence soybean (V3 stadium, 18 DAE, and a control without herbicide application. The grain sorghum (cv. AG-1040 was sown after the harvest of soybeans. The residual activity of these herbicides was determined by bioassay, using the same sorghum cultivars evaluated in the field during the period from 0 to 200days after application the treatments. The sorghum crop showed high sensitivity to residual activity of the herbicide sulfentrazone, diclosulam and imazethapyr dose of 0,100 kg ha-1, even when grown after soybean harvest. Furthermore, the residual activity of sulfentrazone exceeded the range of assessment of bioassay, and more than 200 days.O sorgo granífero é uma espécie de destaque perante as culturas utilizadas em sucessão na região dos cerrados. No entanto, poucas informações referentes aos efeitos da atividade residual de herbicidas sobre essa cultura nessa região são conhecidas. O objetivo deste estudo foi avaliar a atividade residual de herbicidas utilizados no manejo de plantas daninhas na cultura da soja, bem como verificar seus efeitos sobre o sorgo granífero cultivado em sucessão. Para o experimento em campo, utilizou

  16. Interação genótipo-ambiente de soja convencional e transgênica resistente a glifosato, no Estado do Paraná Genotype x environment interaction of conventional and glyphosate-resistant genetically engineered soybean in Paraná State , Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wilmar Ferreira Lima

    2008-06-01

    Full Text Available Os objetivos deste trabalho foram: comparar a produtividade e a adaptação de genótipos de soja convencional e de soja transgênica resistente ao herbicida glifosato, de diferentes grupos de maturação, desenvolvidos pelo programa de melhoramento da Embrapa Soja para o Estado do Paraná; estudar a importância relativa dos efeitos de local, ano, cultivar e suas respectivas interações; e verificar a possibilidade de se estratificar o Estado em regiões mais homogêneas, para reduzir o número de locais nos ensaios de competição de linhagens. Foram utilizados dados de produtividade de grãos de ensaios regionais, no Estado do Paraná, entre 2001 e 2005. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos ao acaso. A possibilidade de se realizar a estratificação do Estado em regiões mais homogêneas e de descarte de locais foi verificada pela significância da interação genótipo x ambiente entre locais. Não houve diferença significativa de produtividade entre a soja convencional e a transgênica, independentemente do grupo de maturação. O efeito de local foi mais importante que o efeito de ano, na composição dos ambientes. A estratificação do Estado do Paraná em regiões não trouxe vantagens, nos anos analisados, para os testes de linhagens; apenas os locais da região Sul mostraram algum grau de similaridade entre si.The objectives of this research were: to compare productivity and adaptation of conventional and glyphosate-resistant genetically engineered soybean genotypes, from different maturity groups, developed by the breeding program at Embrapa Soja for Paraná State, Brazil; to study the relative importance of the effects of location, year, cultivar and their respective interactions; and to verify the possibility of stratifying the State in more homogeneous regions, in order to reduce the number of locations for line competition experiments. Paraná State yield data from regional experiments carried out in randomized

  17. Seletividade de herbicidas aplicados em pré-emergência na cultura de cana-de-açúcar tratada com nematicidas Selectivity of pre-emergence herbicides to sugarcane treated with nematicides

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    E. Negrisoli

    2004-12-01

    Full Text Available O objetivo do trabalho foi estudar a seletividade de herbicidas para a cultura da cana-de-açúcar quando aplicado em culturas tratadas com nematicidas. O experimento foi instalado em área pertencente à Usina São José, município de Borebi-SP, ano agrícola de 2000/01. A variedade de cana-de-açúcar utilizada foi a RB855113. Utilizou-se o delineamento experimental de blocos ao acaso em parcelas subdivididas, com quatro repetições. Cada parcela correspondeu a 27 linhas de 10,0 m, espaçadas em 1,0 m, sendo dividida em três subparcelas. As parcelas corresponderam aos tratamentos com os herbicidas, e as subparcelas, à aplicação ou não dos nematicidas carbofuran (2,10 kg ha-1 e terbufós 2,25 kg ha��. Os herbicidas testados foram: tebuthiuron (1,12 kg ha-1, ametryne (1,75 kg ha¹, sulfentrazone (0,8 kg ha-1, metribuzin (1,92 kg ha-1, isoxaflutole (0,0525 kg ha¹, clomazone (1,25 kg ha¹, oxyfluorfen (0,36 kg ha-1 e azafenidin+hexazinone (0,1575 + 0,2025 kg ha-1, sendo todos aplicados em pré-emergência, além de uma parcela como testemunha. Os resultados obtidos evidenciaram que os herbicidas oxyfluorfen e azafenidin+hexazinone causaram os maiores níveis de fitotoxicidade na cana-de-açúcar, independentemente do uso dos nematicidas carbofuran e terbufós. Os herbicidas tebuthiuron, ametryne, sulfentrazone, metribuzin, isoxaflutole, clomazone, oxyfluorfen e azafenidin+hexazinone, aplicados em doses representativas das comercialmente utilizadas, mostraram-se seletivos à cana-de-açúcar, não afetando seu crescimento, sua produtividade e suas características tecnológicas. Os nematicidas não interferiram nos níveis de intoxicação provocados pelos herbicidas utilizados na cultura.The objective of this work was to study the selectivity of herbicides to sugarcane when applied in crops treated with nematicides. The experiment was carried out in Borebi, São Paulo-Brazil, during the growing season 2000/2001. The sugar cane variety

  18. Mobilidade e persistência de herbicidas aplicados em pré-emergência em diferentes solos Mobility and persistence of herbicides applied in pre-emergence on different soils

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P.A. Monquero

    2008-06-01

    Full Text Available O objetivo deste ensaio foi verificar a mobilidade e persistência de herbicidas aplicados em pré-emergência em diferentes solos e quantidades de palha de cana-de-açúcar. Os herbicidas ametryn + clomazone (1.500 + 1.000 g i.a. ha-1, isoxaflutole (187,5 g i.a. ha-1 e diuron + hexazinone (1.170 + 330 g i.a. ha-1 foram aplicados em solo com textura argilosa e média nas seguintes condições: aplicação sobre 10 e 15 t ha-1 de palha com posterior simulação de chuva; simulação de chuva sobre o solo seguida da aplicação dos herbicidas, sendo coberto posteriormente com palha seca (10 t ha-1; aplicação dos herbicidas no solo sem palha; e testemunha. Aos 10, 20, 40 e 60 dias após aplicação dos herbicidas (DAA, foram semeados como bioindicadores sorgo e pepino, que foram avaliados com relação à fitotoxicidade aos 21 dias após emergência. A mistura ametryn + clomazone aplicada diretamente no solo controlou o bioindicador até 40 DAA, entretanto, após esse período, o efeito residual foi menor. A palha de cana-de-açúcar afetou negativamente o desempenho deste produto. O herbicida isoxaflutole aplicado diretamente no solo apresentou efeito residual até 60 DAA, com 82,5 e 77,5% de controle do bioindicador, em solos com textura argilosa e média, respectivamente; a presença de 10 e 15 t ha-1 de palha não alterou sua eficácia até 20 DAA. Para diuron + hexazinone aplicados no solo sem a presença de palha, verificou-se persistência até 60 DAA, principalmente em solo com textura argilosa; a deposição de 15 t ha-1 de palha reduziu a eficácia desta mistura.The objective of this work was to verify the mobility and persistence of herbicides applied in pre-emergence on different soils and amounts of sugarcane straw. The herbicides ametryn + clomazone (1,500 + 1,000 g i.a. ha-1, isoxaflutole (187,5 g.i.a. ha-1 and diuron + hexazinone (1,170 + 330 g i.a. ha-1 were applied in soil with clayey and medium texture under the following

  19. Persistência do herbicida clomazone no solo e na água quando aplicado na cultura do arroz irrigado, sistema pré-germinado Clomazone soil and water persistence when applied in water seeded rice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J.A. Noldin

    2001-12-01

    Full Text Available A persistência do herbicida clomazone aplicado diretamente na lâmina d'água de arroz irrigado foi avaliada em três experimentos conduzidos em um solo do tipo argilo-siltoso, na Estação Experimental da EPAGRI em Itajaí-SC, a partir de duas formulações do herbicida clomazone, 500 CE (concentrado emulsionável e 360 CS (concentrado solúvel, na mesma dose do ingrediente ativo. Os experimentos com arroz irrigado em sistema pré-germinado foram conduzidos, durante três anos consecutivos, nas safras de 1996/97 a 98/99; o herbicida foi quantificado em solo e água, antes e após a aplicação, sendo após a aplicação retiradas diversas amostras de solo e água para análise até a colheita da cultura do arroz. As amostras foram analisadas através de cromatografia gasosa. No ano de 1996/97 foi avaliado o herbicida clomazone na formulação 500 CE, o qual foi detectado no solo até oito dias após a aplicação (DAA e, na água, até 32 DAA. Na safra 1996/97 os teores de herbicida na água aos 16 dias foram em torno de 3% da quantidade aplicada. O clomazone, na formulação CS, foi detectado na água e no solo até 24 DAA, sendo o período residual desta formulação superior ao da formulação CE. Esses resultados sugerem que até três a quatro semanas após a aplicação do herbicida, nas formulações CE e CS, a água deve ser mantida dentro dos quadros, a fim de minimizar os riscos de arrastamento do produto para fora da lavoura e a conseqüente contaminação das águas superficiais.Three field studies were carried out on a silty clay soil - Haplaquoll (Molic Gleysol, during the 1996/99 season, at Epagri/Itajaí Experimental Station in southern Brazil, 26(0 56' 35s S and 48(0 45' 37s W, to evaluate clomazone persistence in soil and water. Clomazone 500 EC (1996/97 and 360 CS (1997/98 and 1998/99 was applied in the water in post emergence of pre-germinated seed in flooded rice area. Herbicide concentration in the soil and water was

  20. Lixiviação e persistência dos herbicidas sulfentrazone e imazapic Leaching and persistence of sulfentrazone and imazapic

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P.A. Monquero

    2010-01-01

    Full Text Available Em razão da escassez de informações quanto ao potencial de movimentação do sulfentrazone e imazapic em solos brasileiros, objetivou-se neste trabalho avaliar a lixiviação e a persistência desses herbicidas. A lixiviação de sulfentrazone (800 g ha-1 e imazapic (210 g ha-1 foi avaliada sob simulação de chuva de 40 e 80 mm, em diferentes profundidades (5, 10, 15, 20, 25, 30, 35 e 40 cm e pHs de um Latossolo Vermelho Distroférrico e Latossolo Vermelho Distrófico. O ensaio de persistência consistiu da aplicação dos herbicidas sulfentrazone (600 e 800 g ha-1 e imazapic (190 e 210 g ha-1 em pré-emergência, além da testemunha sem herbicidas. Foram retiradas amostras de solo para determinação da persistência aos 0, 15, 30, 45, 60, 90, 120, 150 e 210 dias após a aplicação, sendo posteriormente levadas a um fitotron para crescimento do bioindicador Cucumis sativus. A lixiviação dos herbicidas foi mais pronunciada à medida que se aumentou a quantidade de chuva simulada. Para o sulfentrazone, na precipitação de 80 mm, foi constatada atividade residual até 40 cm de profundidade, sendo elevada no solo de textura média e menos pronunciada no de textura argilosa, independentemente do pH. Em relação ao imazapic na precipitação de 80 mm de chuva, houve atividade do herbicida até 40 cm de profundidade. No solo argiloso com pH 6,0 houve maior lixiviação em todas as profundidades, em relação ao mesmo solo com pH 4,7. Quanto à persistência, observou-se que o sulfentrazone e imazapic apresentaram atividade residual semelhante até 45 DAA, todavia, dos 60 aos 150 DAA, houve menor atividade do imazapic no solo; a partir deste período (150 aos 210 DAA, o sulfentrazone apresentou redução acentuada de sua atividade no solo.Considering the lack of information on sulfentrazone and imazapic leaching in Brazilian soils, this work aimed to evaluate leaching and persistence of these herbicides. Leaching of sulfentrazone (800 g a

  1. Controle de arroz-vermelho em dois genótipos de arroz (Oryza sativa tolerantes a herbicidas do grupo das imidazolinonas Red rice control in two rice (Oryza sativa genotypes tolerant to imidazolinone herbicides

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    S.C.C. Villa

    2006-09-01

    Full Text Available A infestação por arroz-vermelho (Oryza spp. constitui-se num dos principais fatores limitantes da produtividade de grãos do arroz irrigado. Este trabalho teve como objetivo avaliar o controle de arroz-vermelho e o desempenho de dois genótipos de arroz irrigado, IRGA 422 CL e Tuno CL, tolerantes a herbicidas do grupo das imidazolinonas em resposta a doses e épocas de aplicações da mistura formulada de imazethapyr (75 g L-1 + imazapic (25 g L-1 (produto comercial Only®, em áreas com alta infestação de arroz-vermelho. O experimento foi conduzido em Santa Maria-RS no ano agrícola 2004/05. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso em esquema bifatorial (2 x 10, com quatro repetições. O fator A foi composto por dois genótipos de arroz tolerantes às imidazolinonas, um cultivar (IRGA 422 CL e um híbrido (Tuno CL; e o fator D, pelos tratamentos para controle de arroz-vermelho oriundos de combinações de doses e épocas de aplicação do herbicida. Constatou-se que o híbrido é mais tolerante ao herbicida Only®, quando comparado ao cultivar, sendo possível a utilização de dose total de até 200% no híbrido, em áreas com alta infestação de arroz-vermelho, sem afetar a produtividade. Porém é importante salientar que o incremento da dose do herbicida pode causar problemas de residual a culturas não tolerantes semeadas na seqüência.O controle de arroz-vermelho é total com aplicação fracionada do herbicida em pré e pós-emergência (PRÉ + PÓS, desde que o total aplicado não seja inferior a 125%. Essa condição é atendida pelo tratamento com 75% em PRÉ seguido de 50% em PÓS, o qual propicia a menor dose total entre aqueles com 100% de controle, não afetando a produtividade e apresentando fitotoxicidade semelhante ao tratamento com 100% em PÓS, utilizado como referência.Red rice (Oryza spp. is one of the main limiting factors to rice (O. sativa yield. An experiment was carried out to evaluate red rice

  2. Toxicidade de herbicidas utilizados na cultura da cana-de-açúcar à bactéria diazotrófica Azospirillum brasilense Toxicity of herbicides applied on sugarcane to the diazotrophic bacterium Azospirillum brasilense

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    S.O Procópio

    2011-01-01

    Full Text Available Objetivou-se neste trabalho identificar herbicidas utilizados na cultura da cana-de-açúcar que não alteram o crescimento ou a capacidade de fixação biológica de nitrogênio (FBN da bactéria diazotrófica Azospirillum brasi lense. Dezoito herbicidas - paraquat, ametryn, amicarbazone, diuron, metribuzin, [hexazinone + diuron], [hexazinone + clomazone], clomazone, isoxaflutole, sulfentrazone, oxyfluorfen, imazapic, imazapyr, [trifloxysulfuron-sodium + ametryn], S-metolachlor, glyphosate, MSMA e 2,4-D - foram testados em suas doses comerciais quanto ao impacto sobre o crescimento da bactéria em meio líquido DIGs. As variáveis capacidade de suporte de crescimento (carrying capacity do meio de cultura, duração da fase lag e tempo de geração de A. brasilense foram calculadas a partir de dados de densidade ótica obtidos, em intervalos regulares, durante a incubação de culturas por 55 h. O impacto dos herbicidas na atividade da nitrogenase de A. brasilense foi avaliado em meio semissólido NFb, sem N, pela técnica da atividade de redução do acetileno (ARA. Os efeitos dos herbicidas sobre as variáveis de crescimento e ARA foram comparados ao controle pelo teste de Dunnett. Paraquat, oxyfluorfen, [trifloxysulfuron-sodium + ametryn] e glyphosate reduziram a capacidade do meio DIGs em suportar o crescimento de A. brasilense. Esse efeito foi associado ao aumento da duração da fase lag e do tempo de geração para [trifloxysulfuron-sodium + ametryn] e ao aumento no tempo de geração para glyphosate. MSMA, paraquat e amicarbazone reduzem a FBN in vitro de A. brasilense, porém essa redução é mais severa na presença do paraquat. Os demais herbicidas não alteram o crescimento e a FBN de A. brasilense.The objective of this work was to identify the herbicides applied on sugarcane that do not affect the growth nor the process of biological nitrogen fixation (BNF of the diazotrophic bacterium Azospirillum brasilense. Commercial doses of

  3. Intoxicação de eucalipto submetido à deriva simulada de diferentes herbicidas Intoxication of eucalyptus submitted to different herbicide drift

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L.D. Tuffi Santos

    2006-09-01

    Full Text Available Além do glyphosate, amplamente usado, outros herbicidas, como o triclopyr e o carfentrazone-ethyl, apresentam potencial de uso na eucaliptocultura. Entretanto, a nãoseletividade destes herbicidas ao eucalipto pode levar à intoxicação da cultura, caso haja contato das folhas com a calda aplicada. Objetivou-se avaliar os efeitos da deriva de alguns herbicidas em plantas de Eucalyptus urophylla, simulada por meio de subdoses: 0, 43,2, 86,4 e 172,8 g ha-1 de glyphosate; 14,4, 28,8 e 57,6 g ha-1 de triclopyr; 0,84, 1,68 e 3,36 g ha-1 de carfentrazone-ethyl; e das misturas: 43,2 g ha-1 de glyphosate + 14,4 g ha-1 de triclopyr; 86,4 g ha¹ de glyphosate + 28,6 g ha-1 de triclopyr; 43,2 g ha-1 de glyphosate + 1,68 g ha-1 de carfentrazone-ethyl; 86,4 g ha-1 de glyphosate + 3,36 g ha-1 de carfentrazone-ethyl. As mudas de eucalipto com aproximadamente 50 cm de altura receberam a aplicação dos herbicidas de modo a não atingir o terço superior das plantas, 45 dias após o transplantio. Entre os tratamentos, a deriva de glyphosate mostrou-se mais danosa ao eucalipto, seguida de carfentrazone-ethyl e triclopyr. Plantas de eucalipto expostas à subdose de 172,8 g ha-1 de glyphosate e às misturas glyphosate + carfentrazone-ethyl tiveram maior porcentagem de intoxicação e menor crescimento aos 15, 30 e 45 dias após aplicação (DAA. Houve recuperação das plantas expostas à deriva do triclopyr, que apresentaram 56,25 e 15,10% de intoxicação aos 15 e 30 DAA, respectivamente, indicando menor risco da deriva do triclopyr em comparação aos demais herbicidas e misturas estudados.Besides glyphosate, which is widely utilized, other herbicides such as triclopyr and carfentrazone-ethyl, have a potential use in eucalypt plantations. However, the non-selective nature of these herbicides may lead to plant intoxication due to leaf contact during application. This work aims to evaluate the effects of some herbicides drift on Eucalyptus urophylla, simulated

  4. Integration of sunflower (Helianthus annuus residues with a pre-plant herbicide enhances weed suppression in broad bean (Vicia faba Integração de resíduos de girassol (Helianthus annuus com herbicida pré-emergente na supressão de plantas daninhas na cultura da fava (Vicia faba

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    I.S Alsaadawi

    2011-12-01

    Full Text Available Field trial was conducted with the aim of utilizing allelopathic crop residues to reduce the use of synthetic herbicides in broad bean (Vicia faba fields. Sunflower residue at 600 and 1,400 g m-2 and Treflan (trifluralin at 50, 75 and 100% of recommended dose were incorporated into the soil alone or in combination with each other. Untreated plots were maintained as a control. Herbicide application in plots amended with sunflower residue had the least total weed count and biomass, which was even better than herbicide used alone. Integration of recommended dose of Treflan with sunflower residue at 1,400 g m-² produced maximum (987.5 g m-2 aboveground biomass of broad bean, which was 74 and 36% higher than control and recommended herbicide dose applied alone, respectively. Combination of herbicide and sunflower residue appeared to better enhance pod number and yield per unit area than herbicide alone. Application of 50% dose of Treflan in plots amended with sunflower residue resulted in similar yield advantage as was noticed with 100% herbicide dose. Chromatographic analysis of residue-infested field soil indicated the presence of several phytotoxic compounds of phenolic nature. Periodic data revealed that maximum suppression in weed density and dry weight synchronized with peak values of phytotoxins observed 4 weeks after incorporation of sunflower residues. Integration of sunflower residues with lower herbicide rates can produce effective weed suppression without compromising yield as a feasible and environmentally sound approach in broad bean fields.O experimento foi realizado com o objetivo de utilizar resíduos agrícolas com potencial alelopático para reduzir o uso de herbicidas sintéticos em fava (Vicia faba. Resíduos de girassol (600 e 1,400 g m-2 e Treflan (50, 75 e 100% da dose recomendada foram incorporados ao solo isoladamente ou em combinação uns com os outros. Parcelas não tratadas foram mantidas como controle. A aplicação de

  5. Seletividade e eficiência agronômica de herbicidas no controle de capim-colchão na cultura da melancia Selectivity and agronomic efficiency of herbicides over Digitaria horizontalis control in the watermelon crop

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cleber D.G. Maciel

    2002-09-01

    Full Text Available Foi avaliada a seletividade e a eficiência agronômica dos herbicidas clethodim e sethoxydim, no controle de Digitaria horizontalis (capim-colchão na cultura da melancia (cv. Crimson Sweet. O experimento foi conduzido em campo, no município de Floresta, PR, em 1995/96, em delineamento de blocos ao acaso, com quatro repetições. Os tratamentos avaliados foram clethodim nas doses de 84; 96 e 108 g i.a./ha adicionado de 1,0 L/ha de óleo mineral (Dytrol, sethoxydim na dose de 230 g i.a./ha adicionado de 1,0 L/ha de óleo mineral (Assist e testemunhas com e sem capina. Os herbicidas foram aplicados em pós-emergência, quando a melancia apresentava ramas com 1,4 m e a D. horizontalis em estádio de três folhas a três perfilhos e densidade de 240 plantas/m². Para a aplicação dos herbicidas utilizou-se pulverizador costal de pressão mantida por injeção de CO2, equipado com pontas de jato plano XR110.02 e volume de calda de 200 L/ha. As avaliações de seletividade (Escala E.W.R.C. e controle das plantas daninhas (0 - 100% foram efetuadas aos 7; 15 e 30 dias após aplicação dos tratamentos. Os resultados indicaram que o herbicida clethodim, a partir de 96 g i.a./ha, controlou eficientemente a D. horizontalis, sendo estatisticamente superior ao herbicida sethoxydim e à testemunha sem capina. Nenhum dos tratamentos químicos causou fitotoxicidade que afetasse o desenvolvimento e a produção da melancia. A D. horizontalis interferiu no desenvolvimento da cultura, causando redução média de 36,0% da produção da melancia.The selectivity and agronomic efficiency of clethodim and sethoxydim herbicides on D. horizontalis control in watermelon crop was evaluated. The experiment was carried out at Floresta, Paraná State, Brazil, in 1995/96. The watermelon cultivar used was Crimson Sweet and the experimental design was a randomized block with four replicates. The treatments evaluated were clethodim (240 g/L in the dosage of 84; 96, 108 g i

  6. Susceptibilidade de espécies de plantas com potencial de fitorremediação do herbicida sulfentrazone Selection of plants tolerant to sulfentrazone and potential for phytoremediation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Carlos Madalão

    2013-02-01

    Full Text Available Dentre as novas tecnologias, a fitorremediação é opção para a descontaminação de áreas que receberam intensas aplicações de herbicidas. Este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de selecionar espécies com potencial para a fitorremediação de solos contaminados com o herbicida sulfentrazone. As espécies testadas foram: Calopogonium mucunoides, híbrido de sorgo (Sorghum bicolor x Sorghum sudanense, Crotalaria breviflora, Crotalaria juncea, Canavalia ensiformis, Dolichos lablab, Stizolobium deeringianum e Stizolobium aterrimum, cultivadas em cinco doses do sulfentrazone (0, 200, 400, 800 e 1.600 g ha-1. O experimento foi instalado em casa de vegetação, utilizando-se vasos com capacidade para 6 L, preenchidos com amostras de solo coletadas na profundidade de 0-20 cm. Foram avaliadas a fitotoxicidade do herbicida, a altura de plantas e a massa de matéria seca da parte aérea e de raízes. As espécies que manifestaram os menores sintomas de fitotoxicidade e os maiores índices de altura e matéria fresca e seca foram C. juncea, C. ensiformis e D. lablab, sendo selecionadas como tolerantes ao herbicida sulfentrazone e com potencial para fitorremediação.Among the new technologies, phytoremediation is considered as an option for the decontamination of areas that thave undergone intense herbicide applications. This work aimed to select species with potential to the phytoremediation of soils contaminated with the herbicide sulfentrazone. The tested species were Calopogonium mucunoides, hybrid Sorghum (Sorghum bicolor x Sorghum sudanense, Crotalaria breviflora, Crotalaria juncea, Canavalia ensiformis, Dolichos lablab, Stizolobium deeringianum e Stizolobium aterrimum. The experiment was conducted in a greenhouse, using 6 dm³ vases filled with soil samples collected at a depth of 20 cm. The experimental design was the randomized blocks in a factorial scheme of 8 x 5, with four repetitions, which were composed by the eight plant

  7. Teores de água no solo e eficácia do herbicida fomesafen no controle de Amaranthus hybridus Soil water contents and fomesafen efficacy in controlling Amaranthus hybridus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J.F. Zanatta

    2008-03-01

    Full Text Available Com os objetivos de avaliar a eficácia do herbicida fomesafen no controle de plantas de Amaranthus hybridus se desenvolvendo em solo com diferentes teores de água e determinar qual o menor teor de água do solo que não prejudica a ação desse herbicida no controle dessa espécie, foi realizado um experimento em casa de vegetação. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos ao acaso em esquema fatorial 5 x 5, envolvendo cinco intervalos entre a última irrigação e a aplicação do herbicida (0, 6, 12, 24 e 48 horas e cinco doses de fomesafen (0,0, 62,5, 125,0, 250,0 e 375,0 g ha-1. Quando as plantas atingiram estádio de quatro pares de folhas, foram aplicados 10 mm de chuva simulada, conforme tratamento previsto. Ao término do período de simulação de chuva, aplicou-se o herbicida utilizando pulverizador costal pressurizado com CO2, com volume de calda de 120 L ha-1. Aos 5, 22, 29 e 43 dias após a aplicação (DAA do herbicida, foi avaliado o controle (por escala visual de A. hybridus e, aos 43 DAA, foram avaliadas também a massa seca das raízes e a da parte aérea. A aplicação de 375,0 g ha-1 de fomesafen proporcionou controle satisfatório de A. hybridus, independentemente do intervalo entre a última irrigação e a aplicação do herbicida ou do teor de umidade do solo, dentro da faixa avaliada. Pulverizações de 250,0 g ha-1 de fomesafen a intervalos menores que 24 horas entre a última irrigação e sua aplicação e/ou em solo com teor de água maior que 0,12 cm³ cm-3 não afetaram a eficácia do herbicida sobre A. hybridus. Aplicações de 125,0 g ha-1 de fomesafen a intervalos menores que 12 horas entre a última irrigação e sua aplicação e/ou em solo com teor de água maior que 0,15 cm³ cm-3 não afetaram a eficácia do herbicida sobre A. hybridus.A greenhouse experiment was carried out to evaluate the efficacy of fomesafen in controlling Amaranthus hybridus grown under different soil humidity levels

  8. Fatores ambientais que afetam a eficácia de herbicidas inibidores da ACCase: revisão Environmental factors affecting the efficacy of ACCase-inhibiting herbicides: a review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L.F. Cieslik

    2013-06-01

    Full Text Available O conhecimento dos fatores que limitam o desempenho dos herbicidas permite selecionar os momentos mais apropriados para sua eficácia, otimizar a dose aplicada e reduzir o custo de produção. O objetivo desta revisão foi sintetizar o conhecimento do impacto das variáveis ambientais (temperatura do ar, umidade relativa do ar e luminosidade na eficácia de herbicidas inibidores da ACCase. Temperatura do ar e umidade relativa do ar são as variáveis ambientais que mais alteram o desempenho desses herbicidas no controle das plantas daninhas. Em condições naturais, essas variáveis, juntamente com a luminosidade, interagem entre si - fato que dificulta a escolha do momento adequado para a aplicação do herbicida e a decisão do fator determinante na eficiência do produto. Sob condições controladas, é possível identificar a influência de cada um desses fatores. Aumento da umidade relativa do ar e da temperatura do ar, até certo limite, amplia a eficácia dos inibidores da ACCase no controle das plantas daninhas, pois favorece a absorção e a translocação do produto pela planta. Intensidade luminosa, quando em níveis elevados, também proporciona esses benefícios, porém há condições em que o sombreamento confere melhor desempenho aos herbicidas. A otimização da eficácia dos herbicidas inibidores da ACCase no controle das plantas daninhas passa por uma correta análise da influência de cada uma das variáveis ambientais supracitadasUnderstanding the factors that limit herbicide performance would allow selecting the appropriate time to spray the compounds, optimizing the dose applied, and reducing the production costs. The objective of this review was to synthesize the information available on the literature on the effect of the environmental conditions (air temperature, relative humidity, and irradiance on the efficacy of the ACCase-inhibiting herbicides. Air temperature and relative humidity are the most important

  9. Controle de arroz-vermelho (Oryza sp. com o herbicida nicosulfuron ou a mistura formulada de imazethapyr + imazapic Control of red rice (Oryza sp. with herbicide nicosulfuron or imazethapyr + imazapic formulate mixture

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L.C. Fontana

    2007-12-01

    Full Text Available Foi avaliada a eficácia no controle de arroz-vermelho com o herbicida nicosulfuron ou a mistura formulada de imazethapyr + imazapic. O experimento foi conduzido em casa de vegetação da Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel (UFPel, no município de Capão do Leão (RS, na estação de crescimento 2005/06, em delineamento experimental de blocos ao acaso, com quatro repetições. Os tratamentos foram arranjados em esquema fatorial 2 x 7, sendo o fator A os herbicidas e o fator B as doses dos herbicidas (0, 0,25, 0,50, 0,75, 1,0, 1,25 e 1,50 L ha-1. A aplicação foi feita sobre as plantas de arroz-vermelho em estádio de desenvolvimento V4. As variáveis analisadas foram controle, estatura da planta e massa seca da parte aérea. Para as variáveis respostas foi verificada interação significativa entre os fatores estudados. Incrementos nas doses dos herbicidas resultaram em respostas crescentes de controle, com redução na taxa de crescimento das plantas e produção de massa seca da parte aérea. Os resultados mostraram que o arroz-vermelho é controlado pelos herbicidas testados. A eficácia de controle não é restrita à mistura formulada de imazethapyr + imazapic, ocorrendo também com o herbicida nicosulfuron a partir de 40 g ha-1.Red rice control efficacy using nicosulfuron or a formulated mixture of imazethapyr + imazapic was evaluated. A greenhouse experiment was carried out at Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel (UFPel in Capão do Leão (RS, during the 2005/2006 growing season, in a randomized complete block design and four replications. Treatments were arranged in a 2 x 7 factorial, with factor A being the herbicides and factor B the herbicide rates (0, 0.25, 0.50, 0.75, 1.0, 1.25 and 1.50 L ha-1. The herbicides were applied over red rice plants at the V4 development stage. Control, plant height and aerial dry mass were evaluated. There was a significant interaction for the variables between the factors studied. Increased herbicide

  10. Alterações anatômicas do limbo foliar de plantas de Polygonum lapathifolium submetidas à aplicação de herbicidas Anatomical changes in Polygonum lapathifolium leaf blade submitted to herbicide application

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    N.V. Costa

    2011-06-01

    Full Text Available O presente trabalho teve por objetivo avaliar a eficiência do controle dos herbicidas 2,4-D, diquat e glyphosate e as alterações anatômicas do limbo foliar provocadas por eles em plantas de Polygonum lapathifolium. As plantas foram cultivadas em caixas-d'água sob condições de campo e, quando atingiram seu pleno desenvolvimento (antes do florescimento, pulverizadas com os herbicidas. Avaliaram-se quantitativamente as seguintes características anatômicas da nervura central e internervural das folhas: porcentagem da epiderme adaxial e abaxial, porcentagem da bainha do feixe, porcentagem do feixe vascular, porcentagem de esclerênquima e colênquima, porcentagem de parênquima paliçádico e lacunoso, bem como a espessura foliar (μm. Os tratamentos químicos foram: diquat (400 g i.a. ha-1 do produto comercial Reward, 2,4-D (1.340 g e.a. ha -1 do produto comercial DMA 806 BR e glyphosate (4.320 g e.a. ha-1 do produto comercial Rodeo com a adição do surfatante Silwet L-77 a 0,01% v v-1. Os principais caracteres anatômicos quantitativos da região da nervura central do limbo foliar que sofreram alterações após a aplicação dos herbicidas foram a porcentagem da epiderme adaxial, a porcentagem de feixe vascular, a porcentagem de colênquima, a porcentagem de parênquima paliçádico e lacunoso e a espessura foliar. Para a região internervural do limbo foliar, os principais caracteres anatômicos quantitativos que sofreram alterações após a aplicação dos herbicidas foram a porcentagem da epiderme adaxial, a porcentagem da bainha do feixe e a espessura foliar. Os herbicidas diquat e 2,4-D foram ineficientes no controle das plantas de P. lapathifolium; o glyphosate apresentou controle superior a 90% das plantas aos 100 dias após a aplicação. Entretanto, todos os herbicidas permitiram rebrota das plantas.The aim of this research was to evaluate the efficacy of some herbicides (2,4-D, diquat, and glyphosate and the leaf blade

  11. Caracterización morfológica y contenido de almidón resistente y disponible en bananos (musa sapientum) exportables del Ecuador.

    OpenAIRE

    Edison Omar Martínez-Mora

    2015-01-01

    Introducción: La investigación tuvo como objetivo fundamental, la caracterización morfológica del almidón nativo de banano (Musa sapientum), contenido en almidón resistente (AR) y disponible (AD), de las variedades de banano de exportación: Cavendish (AC), Filipino (AF), Orito (AO) y Valery (AV).Material y Métodos: Se determinó tamaño y forma del gránulo de almidón a través de microscopia electrónica de barrido. La cuantificación del AR por medición de su fracción no hidrolizada, luego de un ...

  12. Características fenotípicas da hipertensão arterial resistente na população brasileira Phenotypic characteristics of resistant hypertension in the Brazilian population

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Cabral de Faria

    2013-01-01

    Full Text Available Hipertensão resistente (HAR é definida como a pressão arterial que permanece acima da meta pressórica, apesar do uso de três classes de anti-hipertensivos em doses otimizadas, sendo um deles um diurético. Além disso, são considerados também hipertensos resistentes os pacientes que usam quatro ou mais classes e possuem suas pressões controladas. Embora essa definição seja útil na categorização de um maior grupo de resistentes, visto esses dois subgrupos compartilharem alto risco cardiovascular, algumas importantes particularidades clínicas e fisiopatológicas necessitam ser mais bem avaliadas antes de resistentes controlados e não controlados pertencerem ao mesmo grupo. Foram comparadas algumas características cardiovasculares nesses dois subgrupos de hipertensos resistentes. Embora algumas semelhanças, o subgrupo HRNC apresenta fenótipos cardiovasculares com pior prognóstico como maior rigidez vascular e hipertrofia ventricular esquerda, além de função endotelial mais prejudicada e menor queda de pressão arterial no período noturno, entre outras. Frente às diferenças, o subgrupo HRNC está associado à maior risco cardiovascular, podendo ser considerado mais resistente ao tratamento anti-hipertensivo. Além da importância de melhor prevenção e tratamento da HAR com medidas de identificar precocemente os fatores de risco e otimizar a terapia farmacológica, algumas implicações clínicas devem ser consideradas na abordagem de pacientes controlados e não controlados como semelhantes ao grupo de resistentes.Resistant hypertension (RH is defined as blood pressure that remains above target in spite of the concurrent use of three or more classes of antihypertensive drugs at optimized doses (UCRH, with one of them being a diuretic. Moreover, patients whose blood pressure is controlled while using four or more antihypertensive medications are also considered controlled resistant hypertensive (CRH subjects. Although this

  13. Efeito de herbicidas graminicidas, aplicados em pós-emergência, sobre aveia branca, aveia preta e trigo Grass herbicides effects, applied in post-emergence, on grain oats, forage oats and wheat

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leandro Vargas

    1998-06-01

    Full Text Available Durante as estações de crescimento de 1993 e 1994 foram conduzidos dois experimentos, sendo um em vaso sob telado, na Faculdade de Agronomia da UFRGS, em Porto Alegre/RS, e outro em condições de campo, na Estação Experimental Agronômica da UFRGS, em Eldorado do Sul/RS. 0 objetivo do trabalho foi investigar o grau de tolerância de alguns genótipos de aveia branca, aveia preta e trigo aos herbicidas graminicidas aplicados em pós-emergência. Avaliaram-se dez genótipos de aveia branca (Avena sativa, aveia preta (Avena strigosa e trigo (Triticum aestivum, tratados com os herbicidas clethodim, diclofop, fenoxaprop, fluazifop, haloxyfop e sethoxydim. As variáveis avaliadas foram fitotoxicidade visual e rendimento de grãos. Constatou-se que fenoxaprop controla essas aveias em nível superior a 98% e apresenta seletividade ao trigo (BR-23. O diclofop apresenta controle acima de 94% para aveia branca, enquanto para aveia preta mostra dano médio e apresenta alta seletividade ao trigo. Os demais herbicidas apresentaram-se como não seletivos para todos os genótipos testados.During the growing seasons of the 1993 and 1994, two trials were conducted, being one in pots in greenhouse, at the UFRGS Agronomy School, in Porto Alegre/RS, and the other at field conditions at the UFRGS Agronomic Experimental Station, in Eldorado do Sul/RS. The objective of this research was to investigate tolerance levels of grain oat genotypes, of forage oats, and of wheat to herbicides with grass activity applied in post-emergence. Ten oat genotypes (Avena sativa L. forage oats (Avena strigosa Schreb, and wheat (Triticum aestivum L., were evaluated, which were treated with the herbicides clethodim, diclofop, fenoxaprop, fluazifop, haloxyfop, and sethoxydim. Variables evaluated were plant injury by visual rating, and grain yield. It was detected that fenoxaprop controls both oat species at level over 98% and presents selectivity to wheat (BR-23. On the other hand

  14. Fitorremediação de solos contaminados com herbicidas Phytoremediation of herbicide-polluted soils

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    F.R. Pires

    2003-08-01

    Full Text Available A fitorremediação é uma técnica que objetiva a descontaminação de solo e água, utilizando-se como agente de descontaminação plantas. É uma alternativa aos métodos convencionais de bombeamento e tratamento da água, ou remoção física da camada contaminada de solo, sendo vantajosa principalmente por apresentar potencial para tratamento in situ e ser economicamente viável. Além disso, após extrair o contaminante do solo, a planta armazena-o para tratamento subseqüente, quando necessário, ou mesmo metaboliza-o, podendo, em alguns casos, transformá-lo em produtos menos tóxicos ou mesmo inócuos. A fitorremediação pode ser empregada em solos contaminados por substâncias inorgânicas e/ou orgânicas. Resultados promissores de fitorremediação já foram obtidos para metais pesados, hidrocarbonetos de petróleo, agrotóxicos, explosivos, solventes clorados e subprodutos tóxicos da indústria. A fitorremediação de herbicidas apresenta bons resultados para atrazine, tendo a espécie Kochia scoparia revelado potencial rizosférico para fitoestimular a degradação dessa molécula. Embora ainda incipiente no Brasil, já existem estudos sobre algumas espécies agrícolas cultivadas e espécies silvestres ou nativas da própria área contaminada, com o objetivo de selecionar espécies eficientes na fitorremediação do solo.Phytoremediation is a technique that uses plants as agents of soil and water decontamination. It is an advantageous alternative to the conventional methods of water pumping and treatment and/or physical removal of the contaminated soil layer since it allows in situ treatment at feasible costs. Also, after extracting the contaminant from the soil, the plant stores it for a subsequent treatment, if necessary, or may metabolically transform it into products that are less or non-toxic. Phytoremediation can be employed in soils contaminated by inorganic or organic substances. Promising phytoremediation results have

  15. Caracterización morfológica y contenido de almidón resistente y disponible en bananos (Musa sapientum exportables del Ecuador

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edison Omar Martínez-Mora

    2015-10-01

    Full Text Available Introducción: La investigación tuvo como objetivo fundamental, la caracterización morfológica del almidón nativo de banano (Musa sapientum, contenido en almidón resistente (AR y disponible (AD, de las variedades de banano de exportación: Cavendish (AC, Filipino (AF, Orito (AO y Valery (AV.Material y Métodos: Se determinó tamaño y forma del gránulo de almidón a través de microscopia electrónica de barrido. La cuantificación del AR por medición de su fracción no hidrolizada, luego de un ataque de pepsina, y para la fracción del AD un ataque de amilasa pancreática a la fracción no hidrolizada. Se midió la absorbancia de las dos soluciones de AR y AD a 510nm contra el blanco del reactivo.Resultados: El tamaño de los gránulos de almidón de: AF, AV y AC fueron en promedio 28μm y para el AO, de 35μm aproximadamente. La forma que predominó fue la oval esférica. El contenido de AR y AD estuvo en el rango de 49 a 58,5% y de 41 a 50%, respectivamente.Conclusiones: El almidón resistente, análogo de la fibra y útil en la nutrición humana, se presentó en valores importantes en las muestras de las diferentes variedades de banano exportable del Ecuador, alrededor del 54%. Según los resultados, el almidón de banano de las variedades estudiadas puede ser incorporado en la elaboración de alimentos que demanden características funcionales, principalmente por su alto contenido en almidón resistente.

  16. Mechanical And Microstructural Evaluation Of A Wear Resistant Steel; Avaliacao mecanica e microestrutural de um aco resistente ao desgaste

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Santos, F.L.F. dos; Vieira, A.G.; Correa, E.C.S.; Pinheiro, I.P., E-mail: falletti@hotmail.co [Centro Federal de Educacao Tecnologica de Minas Gerais (CEFET/MG), Belo Horizonte, MG (Brazil). Dept. de Engenharia de Materiais

    2010-07-01

    In the present work, the analysis of the mechanical properties and the microstructural features of a high strength low alloy steel, containing chromium, molybdenum and boron, subjected to different heat treatments, was conducted. After austenitizing at 910 deg C for 10 minutes, three operations were carried out: oil quenching, oil quenching followed by tempering at 200 deg C for 120 minutes and austempering at 400 deg C for 5 minutes followed by water cooling. The analysis was performed through tensile and hardness tests, optical microscopy and X-ray diffraction. The bainitic structure led to high strength and toughness, both essential mechanical properties for wear resistant steels. The occurrence of allotriomorphic ferrite and retained austenite in the samples also increased the wear resistance. This phenomenon is related to the fact that both structures are able to be deformed and, in the case of the retained austenite, the transformation induced plasticity TRIP effect may take place as the material is used. (author)

  17. Modelagem da retenção de herbicidas em zonas ripárias Modeling of herbicide retention in riparian zones

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandra P. de Pinho

    2006-12-01

    Full Text Available O presente trabalho teve como objetivo investigar a retenção de atrazina e picloram, transportados via escoamento superficial, em zona ripária. Para isto, simulou-se um escoamento superficial, contendo uma mistura de caulinita, atrazina e picloram, dentro de zonas ripárias estabelecidas ao longo de plantações de pinheiros do Nordeste do Estado da Geórgia, EUA. Cinco parcelas foram instaladas dentro de zonas ripárias, apresentando declividades diferentes (2, 5, 10, 15 e 20%. Os efeitos da umidade do solo e da presença do horizonte O na retenção dos dois herbicidas foram avaliados. Um modelo exponencial, comumente utilizado na estimativa de redução da DBO e de nutrientes em tratamento por escoamento superficial, foi empregado na estimativa de redução de herbicidas e caulinita em zonas ripárias. O modelo possibilitou estimar com razoável precisão, a remoção de caulinita e atrazina da mistura em escoamento ao longo de zonas ripárias de 10 m de comprimento. Em geral, a declividade foi o parâmetro que apresentou melhor correlação com a retenção dos contaminantes presentes na mistura em escoamento na zona ripária. O horizonte O, mais espesso nas maiores declividades, favoreceu tanto a sedimentação da caulinita como a adsorção da atrazina.This work aimed to investigate the retention of atrazine and picloram, carried by surface flow, in riparian zones. The surface flow, containing a mixture of both herbicides and kaolin, was then simulated within riparian zones established in pine plantations in north-eastern Georgia, USA. Five plots were established within riparian zones, each with a different slope (2, 5, 10, 15 and 20%. The influence of the initial moisture and of the O horizon condition in herbicide retention was analyzed. An exponential model, commonly used for the estimate of biochemical demand of oxygen (BOD and nutrients attenuation in overland flow treatment, was used to estimate the attenuation of kaolin and

  18. Efficacy of herbicides applied to Digitaria horizontalis plants under different water conditions Eficácia de herbicidas aplicados em plantas de Digitaria horizontalis Submetidas a diferentes condições hídricas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.R.R. Pereira

    2012-03-01

    foram realizadas aos 14 dias após a aplicação e avaliou-se a matéria seca das plantas ao final do estudo. A eficiência de controle não foi influenciada pelos manejos hídricos quando se aplicou a dose recomendada de todos os herbicidas na fase inicial de desenvolvimento das plantas (estádio de 4-6 folhas. Em aplicações tardias (estádio de 2-3 perfilhos, as plantas mantidas sob estresse hídrico apresentaram menor fitotoxicidade.

  19. Staphylococcus aureus meticilino resistente adquirido na comunidade: um problema mundial

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Síntia de Souza Evangelista

    2015-02-01

    Full Text Available Objetivo: descrever a epidemiologia dos casos de CA-MRSA no Brasil de forma a compreender sua ocorrência, fatores de risco associados e formas de manejo em relação à situação mundial. Método: revisão integrativa e para seleção dos estudos utilizou-se as bases de dados: Scopus, Science direct, Isi Web of Knowledge, PUBMED e BVS. Resultados: foram identificados dez artigos nacionais que descreveram 21 casos de CA-MRSA principalmente em crianças, adolescentes e adultos com quadro de infecção de pele e tecidos moles evoluindo para infecções graves relacionados ao clone Oceania Southwest Pacific Clone (OSPC que resultaram em hospitalização. Conclusão: apesar do CA-MRSA ser considerado um micro-organismo de relevância mundial verificou-se a escassez de dados publicados sobre sua epidemiologia no Brasil, o que dificultam o delineamento da realidade do país frente ao CA-MRSA.

  20. Phenolic compounds, methylxanthines and antioxidant activity in cocoa mass and chocolates produced from "witch broom disease" resistant and non resistant cocoa cultivars Compostos fenólicos, metilxantinas e atividade antioxidante em massa de cacau e chocolates produzidos a partir de cultivares resistentes e não resistentes a "vassoura de bruxa"

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paula Bacelar Leite

    2013-06-01

    ção depende da origem genética do fruto, do meio ambiente onde o cacau é cultivado e das operações de processamento. Assim, neste trabalho, objetivou-se determinar os compostos fenólicos monoméricos, metilxantinas e a atividade antioxidante em massa de cacau e chocolates provenientes de cultivares resistentes à "vassoura de bruxa" e não resistentes à doença. Os compostos fenólicos totais na massa de cacau não variou entre os cultivares com valores que variam entre 25,03mg g-1 a 23,95mg g-1. Chocolates feitos a partir de cultivares não resistentes à doença apresentaram maior teor de fenólicos totais (19,11mg g-1 que os cultivares resistentes, SR162 e PH16 com 16,08mg.g-1 e 15,46 mg.g-1, respectivamente. Os conteúdos de epicatequina foram superiores aos de catequina em todos os cultivares. Houve diferenças significativas entre as amostras de massa de cacau analisadas para a cafeína. Chocolates produzidos a partir do cultivar SR162 apresentaram maior quantidade de compostos fenólicos e metilxantinas. A amostra de chocolate com a atividade antioxidante mais elevada é a SR162, seguida dos cultivares não resistentes e PH16, mostrando uma relação entre a atividade antioxidante e o conteúdo de compostos fenólicos monoméricos.

  1. Efecto de dosis subletales de un herbicida comercial en el sistema nervioso de alevinos de cachama blanca (Piaractus brachypomus)

    OpenAIRE

    Edwin Gómez-Ramírez; Leslie Guzmán-Beltrán; Eslava-Mocha,Pedro R.; Hernan Hurtado-Giraldo

    2012-01-01

    En Colombia es comúnmente usado el glifosato en labores agrícolas y en la erradicación de cultivos ilícitos de coca y amapola. Este herbicida es aplicado principalmente como Roundup® en varias presentaciones entre ellas Roundup® Active, del herbicida Roundup® se ha demostrado el efecto nocivo en ecosistemas acuáticos afectando varios organismos incluyendo peces, reportándose alteraciones inclusive a bajas concentraciones. El propósito de este trabajo fue determinar cambios histopatológicos en...

  2. Toxicidad del herbicida nicosulfurón en arroz (Oryza sativa L.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valent\\u00EDn A. Esqueda

    2000-01-01

    Full Text Available Se determinaron los efectos fitotóxicos del herbicida nicosulfurón al arroz cv. Milagro Filipino Depurado en condiciones de invernadero. Se evaluaron dos dosis de nicosulfurón (40 y 80 g/ha y la mezcla de nicosulfurón + 2,4-D (40 + 480 g/ha y se incluyó un testigo sin herbicida. Los tratamientos se aplicaron a plantas de 3, 10, 17 y 24 días de emergidas (DDE. La toxicidad fue evaluada a los siete días de la aplicación (DDA y se midió la altura de las plantas a los siete, 15 y 30 DDA. En esta última fecha también se estimó el rendimiento de materia seca. La mayor toxicidad fue ocasionada por la dosis de 80 g de nicosulfurón o la de 40 g en mezcla con 2,4-D, en plantas aplicadas a los tres y 10 DDE. A los siete y 15 DDA, la altura del arroz aplicado con cualquiera de los tratamientos herbicidas fue significativamente menor a la de las plantas testigo. A los 30 DDA, las plantas testigo todavía eran significativamente mayores que las plantas tratadas, a excepción de aquellas tratadas a los tres DDE con 40 g de nicosulfurón o con la mezcla de nicosulfurón + 2,4-D, a los 10 DDE. Las plantas aplicadas con 40 g de nicosulfurón a los 10 DDE o después, tuvieron un peso seco estadísticamente semejante al de las plantas testigo, mientras que las plantas tratadas con 80 g de nicosulfurón fueron las que produjeron menor materia seca

  3. Eficácia de herbicidas aplicados nas épocas seca e úmida para o controle de Merremia aegyptia na cultura da cana-de-açúcar Efficacy of herbicides applied during the dry and wet seasons for the control of Merremia aegyptia in sugarcane

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    N.M. Correia

    2010-01-01

    Full Text Available Objetivou-se estudar o efeito de herbicidas aplicados em pré e pós-emergência, isolados e em combinações nas épocas seca e úmida, para o controle de corda-de-viola (Merremia aegyptia na cultura de cana-de-açúcar colhida mecanicamente sem queima. O experimento foi desenvolvido no período de julho de 2008 a maio de 2009, em área de produção comercial de cana-de-açúcar localizada no município de Pradópolis, SP. O delineamento experimental foi o de blocos ao acaso, com quatro repetições, em esquema de parcela subdividida. Foram avaliados na época seca os herbicidas amicarbazone (1.400 g ha ¹, clomazone + hexazinone (800 + 200 g ha-1 e imazapic (147 g ha-1, aplicados em 16/7/2008 após a colheita da cana, e o tratamento sem manejo prévio das plantas daninhas nessa época. Os herbicidas estudados na época úmida foram: mesotrione isolado (192 g ha-1 e em mistura (120 g ha-1 com atrazine (1.500 g ha-1, metribuzin (960 g ha-1 ou diuron + hexazinone (702 + 198 g ha-1, aplicados em 6/11/2008, além de testemunha capinada e outra sem manejo das plantas daninhas. Dos herbicidas utilizados na época seca, o amicarbazone promoveu o melhor controle de M. aegyptia. No entanto, para todos eles, a complementação de manejo com a aplicação de herbicidas na época úmida mostrou-se obrigatória. Nesta época, a associação de mesotrione aos herbicidas atrazine, metribuzin e diuron + hexazinone foi mais eficaz no controle de M. aegyptia do que quando aplicado sozinho. Nenhum dos tratamentos com herbicidas interferiu no número de colmos por metro linear, diâmetro e altura de colmos de cana-de-açúcar (variedade SP 81-3250.To evaluate the efficacy of herbicides applied in pre and post-emergence, alone and in combination, during the dry and wet seasons, for the control of hairy woodrose (Merremia aegyptia on sugarcane, an experiment was arranged in a randomized block design, in split-plots, with four replications, in a commercial

  4. Eficácia de herbicidas aplicados em diferentes épocas sobre B. pilosa e I. quamoclit em área de cana-de-açúcar colhida mecanicamente Effectiveness of herbicides applied at different times on B. pilosa and I. quamoclit in mechanically harvested sugarcane area

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P.A. Monquero

    2009-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi estudar a eficácia agronômica de herbicidas utilizados em áreas no sistema da colheita da cana crua, visando o controle de Ipomoea quamoclit e Bidens pilosa em lavoura comercial de cana-soca, com solo de textura argilosa, no município de Araras-SP. Os herbicidas (em g ha-1 utilizados foram trifloxysulfuron-sodium + ametryn (27,77 + 1.097 e 37 + 1.463, mesotrione (120 e 192, mesotrione + ametryn (120 + 1.500, mesotrione + trifloxysulfuron-sodium + ametryn [120 + (27,77 + 1.097], trifloxysulfuron-sodium + ametryn + diuron + hexazinone [(27,77 + 1.097 + (702 + 198] e metribuzin (1.920. Os herbicidas foram aplicados em pré-emergência das plantas daninhas sobre a palha de cana-de-açúcar; em pré-emergência das plantas daninhas sobre o solo e, em seguida, coberto com palha; e em pós-emergência das plantas daninhas, em jato dirigido nas entrelinhas da cana-de-açúcar. Eles sempre foram aplicados em pós-emergência da cultura, a qual apresentava aproximadamente 30 cm de altura. Os resultados permitiram concluir que a aplicação dos herbicidas sobre a palha de cana-de-açúcar e em pré-emergência das plantas daninhas alterou a eficácia do mesotrione a 120 g, do trifloxysulfuron-sodium + ametryn (27,77 + 1.097 e das misturas de mesotrine + ametryn e mesotrione + (trifloxysulfuron-sodium + ametryn. Os herbicidas metribuzin e (trifloxysulfuron-sodium + ametryn + (diuron + hexazinone foram eficazes no controle das espécies daninhas, independentemente da forma de aplicação. A espécie B. pilosa foi a mais suscetível aos herbicidas e ao sistema de colheita cana-crua, ou seja, a palha sobre o solo inibiu o seu estabelecimento. Os herbicidas aplicados em jato dirigido na entrelinha da cana-de-açúcar, em pós-emergência, foram seletivos para a cultura.This work aimed to study the agronomic efficacy of herbicides applied in raw sugarcane harvest areas, to control Ipomea quamoclit and Bidens pilosa, on a

  5. Risco genotóxico de herbicidas em Anguilla anguilla L.

    OpenAIRE

    Guilherme, Sofia Isabel Antunes Gomes

    2012-01-01

    No contexto dos contaminantes aquáticos, os herbicidas são considerados como um dos grupos mais perigosos. Uma vez aplicados, estes são facilmente transportados para cursos de água, quer devido a uma pulverização pouco cuidada ou devido a fenómenos de escorrência superficial e/ou subterrânea. A presença destes agroquímicos no ambiente tem vindo a ser associada a efeitos nefastos em organismos não-alvo, como é o caso dos peixes. Contudo, existe ainda uma grande lacuna no que ...

  6. Semeadura direta de forrageiras de estação fria em campo natural com aplicação de herbicidas: I. Produção de forragem e contribuição relativa das espécies

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pérez Gomar Enrique

    2004-01-01

    Full Text Available Os campos naturais apresentam estacionalidade na sua produção forrageira, a qual pode ser atenuada com a introdução de espécies de estação fria através de semeadura direta, aumentando a produção forrageira no inverno. Durante quatro anos, conduziu-se um experimento de semeadura direta de forragem de inverno, sobre campo nativo, em um Argissolo Vermelho-Amarelo, de textura superficial arenosa do norte do Uruguai. Em delineamento de blocos ao acaso com parcelas sub-subdivididas, foram testadas doses de herbicidas (glifosate 1L ha-1, glifosate 4L ha-1, paraquat 3L ha-1 e testemunha, como tratamento principal, aplicadas no ano 1994. A repetição ou não das mesmas doses no ano 1995 constituiu-se na subparcela, e a aplicação ou não das mesmas doses no ano 1996 constituiu-se na sub-subparcela. Os resultados mostraram que o maior distúrbio sobre a produção de forrageiras e contribuição das espécies do campo nativo foi provocado com a aplicação continuada de herbicidas sistêmicos na maior dose. Quando não foi aplicado herbicida (testemunha havia onze espécies e com aplicação de glifosate 4L ha-1 havia seis espécies, bem como ocorreu uma substituição de espécies perenes por anuais. O herbicida paraquat e a dose baixa de glifosate mostraram efeitos intermediários entre o observado no campo nativo semeado com triticale e azevém sem tratar com herbicida e os provocados com glifosate na dose alta. Por outro lado, os rendimentos de matéria seca das espécies forrageiras invernais semeadas foram 63% maiores na dose mais alta de glifosate do que na testemunha, devido a um maior controle da competição que exercia o campo nativo.

  7. Tratamento clínico da epilepsia resistente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Benito Pereira Damasceno

    1988-12-01

    Full Text Available Foram estudados 34 casos de epilepsia de difícil controle, encaminhados ao Grupo de Trabalho de Epilepsia (GTE do Instituto de Neurologia de Goiânia de 1984 a 1986. Todos eram submetidos a reavaliação neurológica. Vinte e três dos 34 pacientes tinham crises parciais complexas. A maioria foi tratada com carbamazepina, difenil-hidantoína e ácido valpróico, em forma monoterápica ou associada entre si. Obteve-se redução de mais de 80% da freqüência das crises em 22 pacientes (64,7%, além de leve melhora da qualidade de vida. Os autores concluem sobre as vantagens de uma equipe especializada, multidisciplinar, na abordagem da epilepsia rebelde e ressaltam a necessidade de: a. um correto diagnóstico das crises, seguido do uso da medicação apropriada, por tempo suficiente (mínimo de 0 meses e em dose adequada (até a dose máxima tolerável, abandonando-a só depois do controle de sua concentração sérica; b. um bom engajamento do paciente e de sua família no tratamento.

  8. Relação da idade na presença de bactérias resistentes a antimicrobianos em rebanhos leiteiros no Rio Grande do Sul

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Waldemir Santiago-Neto

    2014-07-01

    Full Text Available A mastite bovina é uma doença importante na bovinocultura de leite, devido à sua alta incidência e perdas econômicas associadas principalmente com a produção de leite reduzida e aos custos do tratamento. O uso de antimicrobianos para o tratamento de casos clínicos e no período seco tem levantado preocupações quanto à seleção de cepas bacterianas resistentes. Isso também pode refletir na saúde pública, uma vez que bactérias resistentes, como o Staphylococcus aureus meticilina-resistente (MRSA, podem ser transmitidas aos seres humanos por contato direto com animais infectados ou produtos lácteos. A resistência das bactérias aos agentes antimicrobianos aumentou, em geral, devido a tratamentos ineficazes. Estudos realizados no Brasil com amostras não planejadas mostram aumento no padrão de resistência, principalmente em S. aureus. A exposição ao tratamento antimicrobiano repetido ao longo das lactações consecutivas de vacas pode ser um fator predisponente para o desenvolvimento da resistência antimicrobiana em bactérias que infectam o úbere. Assim, o objetivo deste estudo foi determinar a possível associação causal entre resistência antimicrobiana em bactérias isoladas a partir do leite bovino e dados como idade e período de lactação. As amostras de leite foram coletadas de 21 rebanhos leiteiros do Rio Grande do Sul, Brasil, selecionados aleatoriamente a partir da população-alvo de 1.656 explorações leiteiras semi-intensivas, estratificada por tamanho do rebanho. A bactéria foi considerada a unidade amostral, e para a estimativa de prevalência foram utilizados os seguintes parâmetros: uma frequência de 35% de Staphylococcus sp. resistentes à penicilina; um nível de confiança de 90%; e uma precisão absoluta de 12%. As bactérias foram isoladas de amostras de leite compostas de todos os quartos mamários de cada vaca após descartar os primeiros três ou quatro jatos de leite. Para acessar os

  9. Staphylococcus aureus Meticilina Resistente (MRSA e Infecções Nosocomiais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    CRISTINA PAIVA SOUSA

    2009-12-01

    Full Text Available Um número crescente de cepas de Staphylococcus aureus meticilina resistente (MRSA apresentam resistência a múltiplos agentes antimicrobianos e são implicadas como causas de infecções hospitalares. S. aureus podem ser isolados de ambiente hospitalar e profissionais da saúde, revelando o risco de transmissão desses microrganismos pelo contato direto ou indireto com pacientes hospitalizados. Objetivou-se nesta revisão correlacionar este microrganismo com infecções hospitalares e avaliar as possíveis fontes de infecção, bem como enfatizar a importância do investimento em ações de educação em saúde que culminem em minimização de infecções hospitalares. Palavras-chave: Staphylococcus aureus meticilina resistente. Infecções nosocomiais.

  10. Tuberculose em Recife, PE: o efeito da estratégia DOTS (Directly Observed Treatment Short-course) e fatores associados ao óbito e ao abandono de tratamento, 1996 a 2005

    OpenAIRE

    Mirian Pereira Domingos

    2007-01-01

    O abandono de tratamento de tuberculose é considerado o principal obstáculo no controle da doença. Persistência da fonte de infecção, aumento da mortalidade e da taxa de recidiva, além do desenvolvimento de cepas resistentes aos fármacos, estão associados ao abandono. Os componentes essenciais das políticas de controle da tuberculose foram sintetizados num pacote que constitui a estratégia DOTS (Directly Observed Treatment Short-course), recomendada pela Organização Mundial de Saúde. Este tra...

  11. Teores de água no solo e eficácia do herbicida glyphosate no controle de Euphorbia heterophylla Soil water contents and glyphosate efficacy in controlling Euphorbia heterophylla

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J.F. Zanatta

    2007-12-01

    Full Text Available Um experimento em casa de vegetação foi realizado com os objetivos de avaliar a eficácia do herbicida glyphosate no controle de Euphorbia heterophylla se desenvolvendo em solo com diferentes teores de água e determinar qual o menor teor de água do solo que não prejudica a ação desse herbicida no controle dessa planta daninha. O delineamento utilizado foi o de blocos casualizados em esquema fatorial 6 x 5, sendo seis intervalos entre a última irrigação e a aplicação do herbicida (0, 6, 12, 24, 48 e 72 horas e cinco doses de glyphosate (0, 180, 360, 720 e 1.080 g ha-1. Quando as plantas atingiram estádio de três pares de folhas, foram aplicados 10 mm de chuva simulada, conforme tratamento previsto. Ao término do período de simulação de chuva, aplicou-se o herbicida com pulverizador costal pressurizado com CO2, utilizando-se volume de calda de 120 L ha-1. Aos 7, 20, 34 e 41 dias após aplicação (DAA, foram avaliados o controle (por escala visual e, aos 41 DAA, a massa seca de raízes e da parte aérea. Após análise dos dados, verificou-se que a partir da dose de 720 g ha-1 de glyphosate obteve-se controle satisfatório de E. heterophylla, independentemente do intervalo entre a última irrigação e a aplicação do herbicida. Pulverizações de 360 g ha-1 de glyphosate a intervalos menores que 48 horas entre a última irrigação e sua aplicação e em solo com teor de água maior que 0,09 cm³ cm-3 não prejudicaram a eficácia do herbicida. A aplicação de 180 g ha-1 de glyphosate a intervalos menores que 12 horas entre a última irrigação e sua aplicação e em solo com teor de água superior a 0,14 cm³ cm-3 não afetou a eficácia do herbicida.A greenhouse experiment was carried out to evaluate the efficacy of glyphosate in controlling Euphorbia heterophylla growing under different soil moisture levels and to determine the lowest soil moisture level failing to prevent herbicide effectiveness in controlling this weed

  12. Efeitos de parâmetros de aplicação na ação dessecante do herbicida sulfosate sobre plantas de arroz Effects of application parameters on desiccation action of herbicide sulfosate on rice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nilson G. Fleck

    1999-04-01

    Full Text Available O controle de plantas daninhas do tipo gramíneas constitui-se em grande problema nos sistemas de cultivo mínimo, requerendo aplicações eficientes de herbicidas. Nesse sentido, parâmetros de tecnologia de aplicação como volume de calda, tamanho de gota e concentração herbicida exercem grande influência sobre a atividade desses produtos. O objetivo desse trabalho foi investigar os efeitos das interações da dose herbicida, sua concentração na solução e o volume do veículo diluente, sobre a eficiência do herbicida sulfosate, usando-se arroz como espécie reagente. O experimento foi conduzido durante a safra agrícola de 1994/95 na Estação Experimental do Arroz do IRGA, em Cachoeirinha, RS. Foram testados 18 tratamentos, constituídos por cinco doses de sulfosate (1,7; 2,3; 3,0; 4,0 e 4,7 l/ha de produto formulado; cinco volumes de diluente (85; 115; 150; 200 e 235 l/ha e cinco concentrações de produto na calda (1,2; 1,5; 2,0; 2,6 e 3,3% v/v. Em cada condição um desses parâmetros era fixado e os outros dois variavam. Ao se manter constante o volume de calda, não houve diferenças, na última avaliação, entre as doses 3,0; 4,0 e 4,7 l/ha de sulfosate, quando todas alcançaram nível ao redor de 90% de controle do arroz. Já quando se manteve constante a concentração herbicida, as respostas às doses foram não significativas. Apenas na última avaliação observou-se desempenho inferior da menor dose. Na terceira condição, quando se manteve constante a dose herbicida, observou-se que o sulfosate foi mais atuante quando aplicado nas maiores concentrações. Foram alcançados níveis de controle ao redor de 90% com doses de sulfosate de 3 l/ha ou superiores, ou com concentrações herbicidas de 2% ou maiores. Isso demonstra que parâmetros de tecnologia de aplicação de sulfosate podem ser alterados no sentido de se obter maior eficiência na sua ação.Control of weed grass species constitutes a great problem in reduced

  13. Tolerância de cana-de-açúcar a herbicidas avaliada pela diferença dos tratamentos Sugarcane tolerance to herbicides based on the difference between treatments

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.R. Schiavetto

    2012-03-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a tolerância dos cultivares RB855453, RB845257, SP90(-3414, SP90(-1638, SP89(-1115, SP81(-3250, IAC91-2218 e IAC91-5155 de cana-de-açúcar em pós-emergência inicial quanto à aplicação dos herbicidas sulfentrazone + diuron + hexazinone, metsulfuron-methyl + sulfentrazone, diuron + hexazinone + clomazone, metribuzin + diuron + hexazinone, diuron + hexazinone + MSMA e ametryn + trifloxysulfuronsodium + diuron + hexazinone, utilizando-se da diferença com a testemunha pareada, considerando a minimização da área experimental. O experimento foi conduzido assumindo que as testemunhas pareadas ao respectivo tratamento facilitam a avaliação da tolerância dos cultivares aos tratamentos herbicidas. A instalação do experimento foi em blocos casualizados, utilizando-se o esquema fatorial 8 (cultivares x 6 (herbicidas. As parcelas foram constituídas por seis linhas de cana-de-açúcar, sendo uma linha central destinada ao tratamento herbicida (TH e outra à testemunha pareada (TP; as demais linhas foram usadas como bordaduras. Para verificar se as diferenças médias (TP-TH não diferem de zero, utilizouse a estatística t= (TP-TH/((QMRes/n1/2 ou, de forma equivalente, a diferença mínima significativa com zero, dms0(TP-TH=|t/( (QMRes/n1/2|, em que QMRes é o quadrado médio da análise de variância (com 47 graus de liberdade e pThe objective of this work was to evaluate the tolerance of the sugarcane cultivars RB855453, RB845257, SP90(-3414, SP90(-1638, SP89(-1115, SP81(-3250, IAC91- 2218 and IAC91-5155 at early post-emergence after application of sulfentrazone + diuron + hexazinone; sulfentrazone + metsulfuron-methyl, diuron + hexazinone + clomazone; metribuzin + diuron + hexazinone, diuron + hexazinone + MSMA; and ametryn + trifloxysulfuron-sodium + diuron + hexazinone, using the difference with the paired control. It was assumed that the control paired to the respective treatments can facilitate the

  14. Evaluation of the genotoxicity and fetal toxicity of the herbicide Paraquat Avaliação da genotoxicidade e da toxicidade fetal do herbicida Paraquat

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Suzana de Fatima Paccola Mesquita

    1999-07-01

    Full Text Available A genotoxicidade e a toxicidade fetal do Paraquat foram avaliadas em camundongos fêmeas após tratamento agudo e subcutâneo do herbicida em diferentes períodos gestacionais. Foram utilizados o teste do micronúcleo (MN em eritrócitos de sangue periférico e a avaliação de perdas embrionárias. Os resultados deste trabalho mostraram que o tratamento agudo com a menor dose testada, 10mg/kg pc (peso corpóreo, no período de pós-implantação, não produziu diminuição significativa do tamanho da prole. Observou-se genotoxicidade 24 e 30 horas após o tratamento de animais que receberam esta dosagem no 9º e 3º dia de prenhez, respectivamente. Nossos dados sugerem, ainda, que o tratamento in vivo, com a menor dose, induz perdas embrionárias em fêmeas expostas ao agente no período de pré-implantação. A dose de 20mg/kg pc não mostrou efeito genotóxico após 24 horas do tratamento, provavelmente por ter induzido seleção celular devido à alta toxicidade do herbicida. Esta dose causou a morte dos animais, impedindo as análises de MN após 30 horas do tratamento e da toxicidade fetal.The genotoxicity and fetal toxicity of the herbicide Paraquat was assessed in female mice treated with acute subcutaneous doses of the herbicide at different stages of pregnancy. The micronucleus test (MN in peripheral blood erythrocytes and an evaluation of embryonic losses were applied. The results of the present work demonstrate that a single acute treatment in the period after-implantation did not produce a significant reduction in the size of the offspring at the lower dosage tested, 10 mg/kg bw (body weight. Genotoxicity was observed at 24 and 30 hours after treatment in animals receiving this dosage on the ninth and third day of pregnancy respectively. Our data suggest that the in vivo treatment with the lower herbicide dose induces embryonic losses in females exposed to the agent during the pre-implantation period. The dose of 20 mg/kg bw did not

  15. Alterações anatômicas foliares em Eichhornia crassipes submetidas à aplicação de herbicidas Anatomical leaf changes in Eichhornia crassipes due to herbicides application

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    N.V. Costa

    2011-03-01

    Full Text Available O presente trabalho teve por objetivo avaliar a eficiência do controle dos herbicidas 2,4-D, diquat e glyphosate e as alterações anatômicas do limbo foliar provocadas pelos produtos em plantas de Eichhornia crassipes, coletadas nos reservatórios do complexo CESP. As plantas foram cultivadas em caixas-d'água sob condições de campo e, quando atingiram estádio de pleno desenvolvimento vegetativo, foram pulverizadas com soluções de diquat a 400 g i.a.ha-1, 2,4-D a 1.340 g e.a. ha-1 e glyphosate a 4.320 g e.a. ha-1 em associação com o adjuvante Silwet L-77 a 0,01% v v-1. Foi utilizada uma testemunha sem aplicação de herbicida. A seguir, foram realizadas avaliações de controle e das seguintes características anatômicas quantitativas das regiões da nervura central e da internervural do limbo foliar: porcentagem da epiderme adaxial e abaxial, porcentagem da endoderme, porcentagem do feixe vascular, porcentagem de lacunas do aerênquima, porcentagem de parênquima e espessura foliar (µm. Com base nos resultados, os principais caracteres anatômicos quantitativos das regiões da nervura central e internervural do limbo foliar que sofreram alterações após a aplicação dos herbicidas foram a porcentagem da epiderme adaxial, a porcentagem da endoderme e a espessura foliar. Os herbicidas diquat e 2,4-D foram os que mais promoveram alterações nos caracteres anatômicos quantitativos das regiões da nervura central e internervural do limbo foliar das plantas de E. crassipes. Apenas o glyphosate apresentou controle de 100% das plantas aos 22 dias após a aplicação, quando comparado com o observado na testemunha sem herbicida.The aim of this work was to evaluate the efficacy of 2,4-D, diquat and glyphosate control and the leaf blade anatomic changes provided by these herbicides in Eichhornia crassipes, collected in the reservoirs of the CESP complex. The plants were grown in reservoirs containing water under field conditions. When

  16. Genotipos de frijol (Phaseolus Vulgaris l. resistentes a Xanthomonas campestris pv. phaseoli de Mexico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosa Navarrete

    2000-01-01

    Full Text Available Genotipos de frijol (Phaseolus vulgaris L. resistentes a Xanthomonas campestris pv. phaseoli de México. Durante 1995 se evaluó la reacción de genotipos de frijol de diversos origenes a Xcp, bajo condiciones de invernadero en el Campo Experimental del Valle de México, del INIFAP. Se realizaron tres experimentos con a120, b44 y csiete genotipos de frijol. Las plantas se inocularon por corte con navajas en la etapa V3, a y b con una mezcla de nueve cepas de Xcp y el c, con cada una de siete cepas con diferente grado de patogenicidad. La severidad se evaluó 20 días después de la inoculación, por comparación con una escala visual de nueve grados. Los datos se analizaron bajo un diseño completamente al azar. En a, los genotipos que mostraron reacción de resistencia a Xcp fueron: A 36, A 475, G 5686, G 11867, Harowood, SEA 14, XAN 266, MCD 4012 y REN 27. En b los genotipos resistentes fueron: Sequía Durango, Taylor y XAN 30. En los experimentos anteriores la severidad de la enfermedad mostró una distribución normal, con el máximo número de genotipos en el grado de severidad cinco en a y seis en b. Los resultados obtenidos indican que el uso de mezclas de cepas de bacterias con diferente patogenicidad es eficiente para identificar genotipos de frijol resistentes a Xcp. Los genotipos resistentes identificados en el último experimento, mostraron respuesta diferencial e interacciones genotipo por cepa. REN 27 y SEA 14 mostraron resistencia a las cepas utilizadas

  17. Marker assisted identification of tospovirus resistant tomato genotypes in segregating progenies Identificação de genótipos de tomateiro resistentes a tospovirus em progênies segregantes com marcador molecular

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ildon Rodrigues do Nascimento

    2009-06-01

    Full Text Available The SCAR (Sequence Characterized Amplified Region 'Sw-421' molecular marker is located at 1.0 cM from the Sw-5 allele, originated from Lycopersicon peruvianum (L., which confers resistance to the tomato spotted wilt virus (TSWV. However, it had not been tested yet in advanced tomato populations. The goal of this study was to distinguish resistant homozygotes (Sw-5/Sw-5 and heterozygotes (Sw-5/Sw-5+ from susceptible (Sw-5+/Sw-5+ plants in crossing populations with the Stevens cultivar and advanced backcrossing populations by using 'Sw421' SCAR marker. The amplification of 940 bp and 900 bp bands characterized the resistant homozygotes and susceptible controls, respectively. A two band pattern (900 bp and 940 bp was observed in heterozygote genotypes (Sw-5/Sw-5+, which confirmed the co-dominant inheritance mechanism of the marker. Fifty seven plants from the isogenic progenies were characterized based on bands pattern: 18 plants (31.6% were identified as resistant homozygotes, 8 plants (14.0% as resistant heterozygotes and 31 plants (54.4% were characterized as susceptible. The SCAR 'Sw-421' marker is an important tool for selection and pyramid resistance alleles, mainly when other resistance sources to the TSWV are available, such as the Rey de los Tempranos source.O marcador molecular SCAR 'Sw-421' é localizado a 1,0 cM do alelo Sw-5, proveniente de Lycopersicon peruvianum (L., que confere resistência ao vira-çabeça em tomateiro. Contudo, o mesmo ainda não havia sido testado em populações avançadas de tomateiro. O objetivo do trabalho foi distinguir plantas resistentes homozigotas (Sw-5/Sw-5, resistentes heterozigotas (Sw-5/Sw-5+ e suscetíveis (Sw-5+/Sw-5+ pelo marcador SCAR 'Sw-421'. As amplificações de bandas de 940 pb e 900 pb caracterizaram os genótipos resistentes homozigotos e suscetíveis, respectivamente. Duas bandas (900 pb e 940 pb foram observadas nos genótipos heterozigotos, confirmando a herança codominante do marcador

  18. Atividade respiratória de solo tratado com vinhaça e herbicida Respiratory activity of stillage and herbicide treated soil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eli Sidney Lopes

    1986-01-01

    Full Text Available Um experimento foi instalado a campo num Latossolo Vermelho-Escuro distrófico textura argilosa, da Estação Experimental de Limeira, em Cordeirópolis, SP, do Instituto Agronômico, para avaliar a atividade respiratória desse solo, quando enriquecido com vinhaça e tratado com o herbicida 2,4D. A vinhaça fora aplicada por quatro vezes, de seis em seis meses, em doses de 0, 100 e 1.000 m³/ha, sendo as determinações feitas seis meses após a última aplicação. O herbicida foi aplicado imediatamente antes do início das determinações das atividades respiratórias e, o solo, mantido livre de vegetação. A atividade respiratória foi avaliada, medindo-se o CO2 coletado em solução de KOH, em câmaras cilíndricas de PVC, em turnos de doze horas, durante quatro dias. As maiores taxas de CO2 (77,5 mg CO2/m².h foram observadas no período diurno, e estiveram relacionadas com as temperaturas mais elevadas. Mesmo aos seis meses da aplicação da vinhaça, observou-se maior atividade respiratória nos tratamentos com o resíduo. O herbicida 2,4D, na dose de 3,0 litros /hectare, não influenciou a atividade respiratória.A field experiment was carried out on a clayey dystrophic Dark-Red Latosol at the Limeira Experimental Station of the Instituto Agronômico (Cordeirópolis, State of São Paulo, Brazil, to evaluate the respiratory activity of the soil when enriched with stillage and treated with the herbicide 2,4D. Stillage was applied three times with a six month interval at 0, 100, and 1,000 m³/ha, and the CO2 evolution measurements began six months after the last application. The soil was maintained free from vegetation all over the experiment. The CO2 was trapped by KOH in PVC cilindric chambers, and collected every 12 hours for analysis, during four days. Highest CO2 evolution rates (77.5mg CO2/m².h were observed in daytime. Even six months after stillage application, the rate of CO2 evolution was higher in treated soils. The herbicide

  19. Controle de capim-annoni-2 (Eragrostis plana com herbicidas pré-emergentes em associação com diferentes métodos de manejo do campo nativo Control of South African lovegrass (Eragrostis plana in natural pastures using pre emergent herbicides and different vegetation management methods

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    I.C.G.R. Goulart

    2009-03-01

    Full Text Available A planta daninha capim-annoni-2 (Eragrostis plana é um dos principais limitantes ao desenvolvimento da pecuária extensiva no Sul do Brasil. Vários fatores dificultam o controle dessa espécie em condições de pastagem natural. O objetivo deste trabalho foi avaliar o controle de capim-annoni-2 por meio de herbicidas aplicados em pré-emergência que possam apresentar seletividade de posição no solo à pastagem nativa. Dois experimentos foram realizados neste estudo. O primeiro foi conduzido em casa de vegetação, onde sementes de capim-annoni-2 foram semeadas em vasos. O delineamento utilizado foi o completamente casualizado com seis repetições. Os herbicidas avaliados foram alachlor, ametryne, ametryne + tebuthiuron, atrazine, clomazone, diuron, flumioxazin, imazaquin, mesotrione, metribuzin, oxadiazon, S-metolachlor, sulfentrazone, terbuthylazine e trifluralin. Todos os produtos controlaram satisfatoriamente o capim-annoni-2. O segundo experimento foi conduzido em campo nativo com alta infestação de capim-annoni-2, em delineamento de blocos completamente casualizados, em esquema de parcelas subsubdivididas. Nas parcelas principais foram alocados os tratamentos de manejo da vegetação em antecedência a aplicação dos herbicidas: fogo técnico e roçada em altura alta e baixa; nas subparcelas, as doses dos herbicidas: 75 e 100% da dose de rótulo; e, nas subsubparcelas, os herbicidas atrazine, flumioxazin, mesotrione, S-metolachlor, sulfentrazone, trifluralin e testemunha não tratada. Nenhum dos herbicidas testados controlou efetivamente o capim-annoni-2 em campo, provavelmente devido à grande presença de plantas perenizadas. No entanto, os efeitos dos herbicidas foram mais pronunciados quando associados a fogo técnico e roçada baixa.The weed South African lovegrass (Eragrostis plana is one of the most important problems of rangelands and native pastures in southern Brazil. Several factors have limited its management in these

  20. Interação entre nematicidas e herbicidas aplicados no plantio da cana-de-açúcar Interaction between nematicides and herbicides applied on sugarcane plantations

    National Research Council Canada - National Science Library

    L.L. Dinardo-Miranda; M.A. Gil; R.F. Gonçalves

    2006-01-01

    O efeito do sinergismo entre os nematicidas aldicarb, carbofuran e terbufós, aplicados no sulco de plantio, e os herbicidas clomazone, metribuzin e tebuthiuron, aplicados em pré-emergência, oito dias...

  1. Adjuvantes e herbicidas e a infectividade de Fusarium graminearum, agente potencial de biocontrole de Egeria densa e Egeria najas Adjuvants and herbicides and the infectivity of Fusarium graminearum, a potential biocontrol agent of Egeria densa and Egeria najas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C.R. Borges Neto

    2004-03-01

    Full Text Available Foram estudados os efeitos da adição de adjuvantes e a associação com herbicidas na infectividade do fungo dentro do patossistema Fusarium graminearum x Egeria spp. Foram utilizadas plantas sadias de Egeria densa e E. najas inoculadas com uma suspensão de arroz moído colonizado por F. graminearum, na concentração de 0,7 g L-1. Os tubos de ensaio contendo as plantas imersas na referida suspensão foram mantidos em incubadora à temperatura de 25 ºC e fotoperíodo de 12 horas diárias de luz, por oito dias, durante os quais foram avaliados os sintomas nas plantas a cada dois dias e o crescimento destas através do incremento de matéria fresca ao final do experimento. O efeito de 14 adjuvantes e 6 herbicidas, adicionados à suspensão de inóculo, sobre a ação de F. graminearum em E. densa e E. najas foi avaliado. De modo geral, os adjuvantes melhoraram a eficiência do bioerbicida e a associação herbicida + fungo proporcionou maior severidade de doença e controle do crescimento das plantas.The effects of adding adjuvants and their association with herbicides on fungus infectivity were studied in the Fusarium graminearum x Egeria spp. pathosystem. Healthy Egeria densa and E. naja plants were inoculated with suspension of ground rice with F. graminearum, at a concentration of 0.7 g L-1. The assay tubes with the plants immersed in the suspension were kept in the incubator at the temperature of 25 ºC and photoperiod of 12 hours daily, with plant symptoms being evaluated every two hours and plant growth monitored based on fresh matter increase at the end of the experiment. The effect of 14 adjuvants and 6 herbicides added to the inoculum on the action of F. graminearum against E. densa and E. najas was evaluated. In general, the adjuvants improved bioherbicide efficiency and the herbicide + fungus association increased disease severity and plant growth control.

  2. Interação entre herbicida e inseticida sobre o milho-pipoca (Zea mays, as plantas daninhas e a lagarta-do-cartucho Interaction between herbicide and insecticide on popcorn (Zea mays, weeds and fall armyworm

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.A. Silva

    2007-03-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da mistura de herbicidas nicosulfuron + atrazine e o inseticida chlorpirifos sobre o cultivar de milho-pipoca UFVM2, as plantas daninhas e a lagarta-do-cartucho. Utilizou-se o delineamento experimental de blocos completos ao acaso, em esquema fatorial (5x2+3, com quatro repetições. O primeiro fator foi constituído pelas doses de nicosulfuron (0, 10, 20, 30 e 40 g ha-1 + atrazine (1.200 g ha-1 + óleo mineral (900 g ha-1 e o segundo pelas doses do inseticida chlorpirifos (0 e 240 g ha-1. Foram avaliados três tratamentos adicionais: duas testemunhas, com e sem capina, ambas sem inseticida, e uma testemunha com capina e com inseticida. Não se observou interação significativa entre doses de nicosulfuron e do chlorpirifos no controle da lagarta-do-cartucho. A mistura no tanque formada pelo chlorpirifos com os herbicidas promoveu intoxicação às plantas de milho-pipoca, principalmente nas maiores doses do nicosulfuron (20, 30 e 40 g ha-1. O chlorpirifos não interferiu na eficiência de controle de plantas daninhas pelos herbicidas nem no estande final, no número de espigas por planta, no rendimento e na capacidade de expansão dos grãos de milho-pipoca.This study aimed to evaluate the effect of the tank-mixture herbicide nicosulfuron combined with the insecticide chlorpirifos on the popcorn cultivar UFVM2, weeds and fall armyworm. The experiment was arranged in a randomized complete block design, in a (5x2+3 factorial scheme and four replications. The first factor consisted of nicosulfuron doses (0, 10, 20, 30, and 40 g ha-1 + atrazine (1.200 g ha-1 + oil (900 g ha-1 and the second of doses of the insecticide chlorpirifos (0 and 240 g ha-1. Three additional treatments were evaluated: two controls, with and without weeding, both without insecticide, and one control with weeding and insecticide. The interaction between the nicosulfuron and chlorpirifos doses in the control of the fall armyworm

  3. Eficácia de herbicidas inibidores da ACCase no controle de gramíneas em lavouras de soja Efficacy of ACCase-inhibiting herbicides in controlling grass weeds in soybean crops

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.L.L. Barroso

    2010-01-01

    Full Text Available Objetivou-se com este trabalho avaliar a eficácia de herbicidas inibidores da ACCase, aplicados isoladamente ou em associações, no controle das espécies de plantas daninhas pertencentes à família das gramíneas Brachiaria decumbens, Digitaria ciliaris, Eleusine indica, Brachiaria plantaginea e Cenchrus echinatus, na cultura da soja. O experimento foi conduzido em campo, em delineamento de blocos ao acaso com quatro repetições. Os tratamentos avaliados foram: clethodim (84 g ha-1, clethodim + quizalofop-p-ethyl (48 + 40 g ha-1, [clethodim + fenoxaprop-p-ethyl] (50 + 50 g ha-1, sethoxydim (230 g ha-1, tepraloxydim (100 g ha-1, fluazifop-p-butyl (125 g ha-1, haloxyfop-methyl (60 g ha-1 e testemunha sem herbicida. A convivência das plantas de soja com as gramíneas infestantes resultou em perda significativa na produtividade de grãos. Os melhores níveis de controle de B. decumbens foram verificados com a utilização de haloxyfop-methyl. Tepraloxydim pode ser considerado seletivo a B. decumbens. Nenhum tratamento proporcionou controle final de D. ciliaris superior a 90%, porém menor eficiência foi verificada quando se aplicaram sethoxydim e fluazifop-p-butyl. Apenas os tratamentos sethoxydim e [clethodim + fenoxaprop-p-ethyl] não mostraram controle satisfatório de E. indica. B. plantaginea foi a espécie mais facilmente controlada pelos herbicidas avaliados; no entanto, haloxyfop-methyl, tepraloxydim, clethodim e [clethodim + fenoxaprop-p-ethyl] se destacaram no controle dessa invasora. A adição de quizalofop-p-ethyl ao clethodim proporcionou incremento significativo no controle de C. echinatus. Também os herbicidas haloxyfop-methyl e tepraloxydim apresentaram controle satisfatório dessa espécie daninha.The objective of this work was to evaluate the efficacy of ACCase-inhibitors (ariloxyfenoxypropionates and cyclohexanodiones, applied alone or in combination, in controlling the grass weed species Brachiaria decumbens, Digitaria

  4. Eficiência de herbicidas pré-emergentes após períodos de seca Efficiency of pre-emergence herbicides after different periods of drought

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P.A. Monquero

    2008-03-01

    Full Text Available Objetivou-se, com este trabalho, estudar a eficácia de herbicidas pré-emergentes após períodos de seca, em dois tipos de solo. Foram realizados dois ensaios simultâneos em casa de vegetação: no primeiro foram aplicados os herbicidas (trifloxysulfuron-sodium + ametryn - 351 + 99 g ha-1 + (diuron + hexazinone - 1.097 + 27,77 g ha-1, trifloxysulfuron-sodium + ametryn - 1.463 + 37 g ha-1, diuron + hexazinone - 1.170 + 330 g ha-1, imazapyr - 200 g ha-1 e imazapic - 122,5 g ha-1, em vasos com amostras de Latossolo Vermelho distroférrico (textura argilosa; e, no segundo, as doses foram ajustadas em função dos teores de matéria orgânica e argila do solo e aplicadas em vasos com amostras de Latossolo Vermelho distrófico (textura média. Em cada ensaio, foram utilizados Cucumis sativus e Sorghum bicolor como espécies bioindicadoras e seis períodos de seca após as aplicações dos herbicidas (0, 10, 20, 40, 60 e 90 dias, com quatro repetições. Os sintomas de intoxicação foram observados aos 7, 14 e 21 dias após semeadura dos bioindicadores. Os herbicidas apresentaram maior estabilidade, ou seja, maior efeito tóxico sobre os bioindicadores ao longo do tempo, no solo com maior teor de argila e matéria orgânica; o isoxaflutole e as misturas (trifloxysulfuron-sodium + ametryn + (diuron + hexazinone e diuron + hexazinone demonstraram maior efeito residual em ambos os solos, afetando o desenvolvimento dos bioindicadores em 100%.This work aimed to study the effectiveness of pre-emerging herbicides after drought periods in two soil types. Two simultaneous experiments were carried out under greenhouse conditions: in the first, the herbicides (trifloxysulfuron-sodium + ametryn - 351 + 99 g ha-1 + (diuron + hexazinone - 1097 + 27,77 g ha-1, trifloxysulfuron-sodium + ametryn - 1463 + 37 g ha-1, diuron + hexazinone - 1170 + 330 g ha-1, imazapyr 200 g ha-1 and imazapic - 122,5 g ha-1 were applied in vases containing samples of Dystroferric Red

  5. Curvas dose-resposta em espécies de plantas daninhas com o uso do herbicida glyphosate(1 Dose-response curves in weed species with the use of herbicide glyphosate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Luiz de Souza Lacerda

    2004-01-01

    Full Text Available Com o objetivo de verificar a resposta de diferentes espécies de plantas daninhas ao herbicida glyphosate, foi desenvolvido em câmara de crescimento um experimento inteiramente casualizado, com cinco repetições no Departamento de Produção Vegetal da ESALQ/USP. Para isso, foram estudadas seis espécies de plantas daninhas: Bidens pilosa L., Tridax procumbens L., Digitaria insularis (L. Fedde, Spermacoce latifolia Aubl., Ipomoea grandifolia L. e Commelina benghalensis L. Utilizou-se o herbicida glyphosate, inibidor da enzima EPSPs, com doses em escalas de 0,0; 11,3; 22,5; 45; 90; 180; 360; 720 e 1.440 g.ha-1 i.a. A elaboração das curvas dose-resposta foi feita pelo ajuste da equação dos dados coletados de biomassa verde utilizando o modelo log-logístico: Y = C+D-C / 1 + Exp{b[log(x-log(RC50]}, calculado por modelo estatístico não linear dos dados pelo programa estatístico SAS. Após a determinação das curvas dose-resposta nas espécies acima citadas concluiu-se que Bidens pilosa foi considerada a planta daninha mais suscetível ao herbicida glyphosate, pois apresentou menor RC50 (31,86 g.ha-1 i.a.. As espécies Tridax procumbens, Digitaria insularis, Spermacoce latifolia, Ipomoea grandifolia, Commelina benghalensis obtiveram RC50 de 58,40; 128,50; 250,44; 615,49 e >1.440 g.ha-1 i.a. respectivamente. Portanto, a quantidade necessária de herbicida para reduzir em 50% a biomassa verde foi de 1,83; 4,03; 7,86; 32 e >359,56 vezes maior em relação à Bidens pilosa respectivamente.With the objective of veryfing the response of different doses in species of weeds by herbicide glyphosate, an experiment was conducted in growth chamber in a completetly randomized design with three repetitions, in the Department of Vegetable Production at ESALQ/USP. For that, were chosen six species of weeds: Bidens pilosa L., Tridax procumbens L., Digitaria insularis (L. Feed, Spermacoce latifolia Aubl., Ipomoea grandifolia L. and Commelina benghalensis L

  6. Epidemia de tuberculosis multidrogo resistente y extensivamente resistente a drogas (TB MDR/XDR en el Perú: situación y propuestas para su control

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hernán Del Castillo

    2009-07-01

    Full Text Available En este artículo se describe el estado actual de las epidemias de tuberculosis multidrogo resitente (TB MDR y tuberculosis extensivamente resistente a drogas (TB XDR en el Perú. Se realiza un análisis de nuestra situación con respecto al resto de Latinoamérica, y de la distribución temporo espacial de los casos de TB XDR en Lima. También presentamos nuestra reflexión de lo que está pasando y debe cambiar; lo que se resume en darle la importancia debida a un problema que nos está rebasando y anteponer a nuestros propios intereses, los intereses de la humanidad; por consiguiente no podemos callar, y debemos declarar a la tuberculosis como emergencia sanitaria nacional. Eso constituye una respuesta, esperamos, aún viable para el Perú.

  7. Incentivos ao investimento estrangeiro

    OpenAIRE

    Mendes, Valter Nuno Dias

    2015-01-01

    Dissertação de Mestrado apresentada ao Instituto de Contabilidade e Administração do Porto para a obtenção do grau de Mestre em Contabilidade e Finanças, sob orientação de Doutor José de Campos Amorim O presente estudo tem por tema os Incentivos ao Investimento Estrangeiro ao nível das pessoas singulares: o Regime Fiscal do Residente Não Habitual (RNH) e a Autorização de Residência para Atividade de Investimento (ARI) – Vistos Dourados (Golden Visa), tendo por objetivo a análise mais po...

  8. Arroz tolerante a imidazolinonas: controle do arroz-vermelho, fluxo gênico e efeito residual do herbicida em culturas sucessoras não-tolerantes Imidazolinone tolerant rice: red rice control, out-crossing and herbicide carryover to non-tolerants crops

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    S.C.C. Villa

    2006-12-01

    Full Text Available Após várias décadas de busca de alternativas para controle do arroz-vermelho, desenvolveram-se genótipos de arroz tolerantes a herbicida do grupo químico das imidazolinonas, o qual controla eficientemente esta planta daninha no Sistema Clearfield. O experimento teve como objetivo avaliar: a eficiência do controle de arroz-vermelho com a mistura formulada dos herbicidas imazethapyr (75 g L-1 + imazapic (25 g L-1 (produto comercial Only®; o residual do herbicida no solo através dos danos causados ao azevém e arroz não-tolerante; e a taxa de ocorrência de cruzamento natural entre o arroz-vermelho e o arroz cultivado. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso, com três tratamentos e doze repetições. Para determinar o fluxo gênico entre o arroz tolerante a imidazolinonas e o arroz-vermelho, foram coletadas e analisadas as panículas de arroz-vermelho não-controladas. O efeito residual do herbicida em culturas não-tolerantes foi verificado através de coleta de fitomassa de azevém e do estande inicial do cultivar de arroz não-tolerante semeado no ano seguinte. O herbicida testado controlou eficientemente o arroz-vermelho e a fitotoxicidade inicial não reduziu a produtividade do cultivar tolerante. O estande inicial do cultivar IRGA 417 foi afetado pelo residual do herbicida no solo. Os resultados mostraram também que ocorre cruzamento natural entre o arroz-vermelho e o arroz cultivado, e a taxa obtida no experimento foi de 0,065%.After several decades searching for tools to control red rice, imidazolinone tolerant rice was developed to selectively control red rice. To better understand this technology An experiment was conducted in 2004/2005, in Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brazil to evaluate: 1 red rice control by imidazolinone herbicides in Clearfield™ rice; 2 evaluate the imidazolinone herbicide carryover effect on rygrass and non-tolerant rice (IRGA 417 and 3 evaluate the outcrossing rates between Clearfield rice

  9. Eficácia de herbicidas no controle de amarelinho (Tecoma stans em pastagem Herbicides efficiency on trumpetflower (Tecoma stans

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Telma Passini

    1997-01-01

    Full Text Available Amarelinho (Tecoma stans é um arbusto exótico que foi observado como espécie invasora de past os degradados do Estado do Paraná-Brasil. A população dessa espécie forma um dossel denso sob o qual as forrageiras não se desenvolvem. Visando encontrar uma alternativa de controle químico, testou-se a eficiência da formulação comercial de 2,4-D + picloram e tebuthiuron, em experimentos separados. Com a formulação comercial de 2, 4-D + picloram preparou-se uma solução em água e em óleo lubrificante usado, nas concentrações de 4% e 10%. As soluções a 4% foram pinceladas no toco, imediatamente após o tronco ter sido cortado rente ao solo e, aquelas a 10%, pinceladas em tronco ferido com facão na base do tronco, sem eliminar a parte aérea. Tebuthiuron, em formulação granulada, foi aplicado nas doses de 2, 4, 6, 8, 10 e 20 g/ planta, sem eliminar a parte aérea. A formulação de 2,4 -D + picloram não matou as plantas de amarelinho que, aos cinco meses após tratadas, apresentavam brotações com 0, 74 a 1, 21 m de altura. A menor do sede tebuthiuron foi suficiente para matar as plantas num período de nove meses após a aplicação do herbicida.Trumpet flower (Tecoma stans is na exotic woody shrub observed as an invader of degraded pastures in the State of Parana - Brazil. The canopy of trumpetflower is so dense that no forage plants growunderneath. The chemical control of this weed was tested in two experiments, using the commercial formulation of 2,4-D + picloram and tebuthiuron. The former was prepared as a solution into water or lubricative used oil, at the concentrations of 4 and 10%. The solutions at 4% were used for painting the stumps immediatly after trunks had being cut off, close to the ground level. The solutions at 10% were used for painting the basal portion of the trunks, immediatly after damaging it with a machete close to the ground level. Tebuthiuron was used granulated at doses of 2, 4, 6, 8, 10 e 20 g

  10. Staphylococcus aureus resistentes à meticilina: disseminação emergente na comunidade Methicillin-resistant Staphylococcus aureus: emerging community dissemination

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciane Cristina Gelatti

    2009-10-01

    Full Text Available Staphylococcus aureus é uma bactéria responsável por uma ampla variedade de enfermidades infecciosas. A grande preocupação está relacionada, principalmente, com os isolados resistentes à meticilina (MRSA, que, tradicionalmente, estavam limitados aos hospitais. Nos últimos anos, infecções causadas por MRSA associadas ou adquiridas na comunidade (CA-MRSA têm sido relatadas com frequência crescente em todo o mundo. Algumas características fenotípicas e genéticas são distintas entre a forma de infecção hospitalar e a comunitária. Atualmente, verifica-se um perfil de sensibilidade reduzido para diferentes antimicrobianos; sendo assim faz-se necessário um alerta aos profissionais da saúde, particularmente aos dermatologistas, para a importância da distinção entre as formas de infecções, evitando uma terapia empírica incorreta e sem sucesso.Staphylococcus aureus is responsible for a broad variety of infectious diseases. The main concern is about methicillin-resistant isolates (MRSA, which are usually limited to hospitals. In recent years, community associated or acquired MRSA infections (CA-MRSA have been frequently reported and emerged in the world. Some phenotypic and genotypic characteristics are distinct between hospital and community infection. Currently, there is reduced sensibility profile to different antimicrobials, reason why it is necessary to issue an alert to healthcare professionals, dermatologists in particular, about the importance of knowing the differences between the infections, preventing wrong and unsuccessful empirical therapy.

  11. Incidência de Enterococcus resistente à vancomicina em hospital universitário no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Furtado Guilherme Henrique Campos

    2005-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: O enterococo resistente à vancomicina é atualmente um dos principais microorganismos implicados em infecções nosocomiais. Assim, realizou-se estudo com o objetivo de avaliar sua epidemiologia em um hospital terciário de ensino. MÉTODOS: Trata-se de um estudo epidemiológico retrospectivo, realizado de 2000 a 2002, que analisou amostras de culturas clínicas positivas para enterococo resistente à vancomicina (VRE em um hospital universitário com 660 leitos. Procurou-se definir sua incidência e os principais sítios e unidades de isolamento. Foi verificada a significância entre as variáveis nos três anos de estudo, sendo considerado como significante p<0,05. RESULTADOS: Houve aumento progressivo na resistência à vancomicina nas culturas clínicas positivas para Enterococcus spp. nos três anos de estudo. Em 2000, 9,5% das amostras eram resistentes à vancomicina, com aumento para 14,7% em 2001 e 15,8% em 2002. As unidades com maior número de isolados foram respectivamente: pronto-socorro (19,5% e UTI geral (15%; os sítios mais isolados foram: urina (36% e sangue (20%. CONCLUSÕES: Com o aumento progressivo na incidência de resistência à vancomicina e da taxa de VRE, concluiu-se ser necessárias medidas de controle mais efetivas para deter a disseminação do VRE.

  12. Obras de fábrica resistentes. Consideraciones generales de cálculo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jenaro Garrido, José María

    1986-10-01

    Full Text Available This work studies de resisting capacity of the non reinforced masonry works to normal requirements from the knowledge of the nominal value to compressive resistance of its elements, or from the results from compression tests carried out on masses or on masonry samples. The obtained expressions for homogeneous sections are also valid for sections that, because of their cavities, they can be considered heterogeneous, allowing a determination of its resistant behaviour by means of the introduction of the conceipt of resistant homogeneous equivalent section. Finaly it includes a study on deforming and buckling of the masonry works to which diverse expressions gathered already in the Model Code CEB-FIP and in the Instruction in force EH'82 for Concrete Works are applied.El presente artículo recoge un estudio de la capacidad resistente de las obras de fábrica no armadas ante las solicitaciones normales, a partir del conocimiento del valor nominal de la resistencia a compresión de los elementos componentes o de los resultados de ensayos a compresión realizados sobre macizos o probetas de obra de fábrica. Las expresiones obtenidas para secciones homogéneas se extienden a secciones que por comprender cavidades hayan de considerarse heterogéneas, haciendo posible una determinación de su comportamiento resistente mediante la introducción del concepto de sección resistente homogénea equivalente. Finalmente se incluye un estudio sobre la deformabilidad y pandeo de las obras de fábrica a los que se aplican diversas expresiones ya recogidas en el Código Modelo CEB-FIP y en la vigente Instrucción EH-82 para obras de hormigón.

  13. Susceptibilidad antimicrobiana de Staphylococcus aureus sensible, con sensibilidad "BORDERLINE" y resistentes a la meticilina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Alberto Mendoza Ticona

    2003-10-01

    Full Text Available Objetivo: Determinar las susceptibilidad a diversos antibacterianos de tres categorías de S. aureus según su sensibilidad a la meticilina. Materiales y Métodos: Se aislaron 76 cepas de S. aureus que colonizaban pacientes y personal de salud de tres servicios del Hospital Honorio Delgado de Arequipa, de los cuales 36 fueron sensibles a meticilina (MSSA, 15 con susceptibilidad "borderline" (BORSA y 25 fueron resistentes a la meticilina (MRSA. Se les sometió a antibiograma a 14 antibacterianos. Resultados: El único antibiótico al cual todas los aislamientos fueron sensibles fue vancomicina. Los MRSA fueron resistentes a todos los b-lactámicos excepto imipenem que obtuvo 64% de susceptibilidad. Los BORSA mantuvieron un 80% de sensibilidad a cefalotina y un 100% al imipenem. Los antibióticos cefalotina, imipenem, ciprofloxacina, cotrimoxazol, rifampicina, eritromicina, tetraciclina, cloranfenicol, lincomicina y gentamicina tuvieron sensibilidades variables (p<0.01 entre las tres categorías; una mayor proporción de MSSA fue sensible a estos antibióticos, luego los BORSA y finalmente los MRSA. Las cepas multi-resistentes fueron mucho más frecuentes en los MRSA que en los otros dos grupos (p <0.01. Conclusión: Existe en nuestro medio cepas de S. aureus con resistencia "borderline" a meticilina. Hay diferencias entre la sensibilidad a diversos antimicrobianos entre los tres grupos de S. aureus. Esta diferenciación podría beneficiar una terapia antimicrobiana más racional. Se debe aplicar en todo aislamiento de S. aureus las recomendaciones internacionales para la detección de meticilino resistencia.

  14. Diagnóstico evolutivo en la depresión resistente al tratamiento

    OpenAIRE

    Mora Portuguez, Laura

    2016-01-01

    Introducción: La Depresión Resistente al Tratamiento (DRT) es una condición clínica del Trastorno Depresivo Mayor (DSM-5, 296.xx) que tiene un importante impacto en la calidad de vida de las personas que la padecen y en los recursos de los sistemas de salud, asociado a un mayor número de hospitalizaciones y de dosis de medicamentos psicotrópicos. Objetivo: Establecer el diagnóstico evolutivo, después de diez años, en una cohorte de 193pacientes con diagnóstico principal de Trastorno Depresivo...

  15. MASCULINO 39 AÑOS CON ALCALOSIS METABÓLICA HIPOCALÉMICA SAL RESISTENTE

    OpenAIRE

    Quesada Aguilar, Carlos I.; Solís, Luis Diego

    2011-01-01

    An analysis of a case of hipokalemic metabolic alkalosis, salt resistant and a description of a systematic medical approach according to clinical analysis methodology in Internal Medicine is exposed. Se realiza el análisis de un caso de alcalosis metabólica hipocalémica sal resistente y una descripción sistematizada de estudio médico de acuerdo a la metodología de análisis clínico en Medicina Interna.

  16. Bacterias resistentes a antibióticos en aguas grises como agentes de riesgo sanitario

    OpenAIRE

    Nuñez, Lidia; Tornello, Carina; Puentes, Noel; Moretton, Juan

    2012-01-01

    La eliminación y disposición final de las aguas residuales originadas por las actividades domésticas constituye un importante problema sanitario en áreas urbanas densamente pobladas. En muchas zonas del Gran Buenos Aires las aguas grises se eliminan en zanjas a cielo abierto cuyo riesgo potencial no ha sido adecuadamente cuantificado. El objetivo de este trabajo fue evaluar la prevalencia de bacterias resistentes y el perfil de resistencia a antibióticos, en muestras de aguas grises de canale...

  17. Proposición de un modelo matemático simple de persistencia de herbicidas en el suelo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    FUENTES RICARDO

    2000-01-01

    Full Text Available El estudio propone un modelo simple de persistencia de herbicidas en el suelo basado en una serie de modificaciones al modelo desarrollado por Walker & Barnes. El modelo que se propone simula la degradación diaria de un herbicida en el suelo, a través del funcionamiento de tres submodelos: a submodelo que estima la temperatura del suelo, b submodelo del cálculo del contenido de humedad del suelo y c submodelo que calcula la degradación del producto. Se entrega una descripción teórica de las modificaciones introducidas al modelo y un detalle del programa computacional en lenguaje BASIC. Se hizo una validación independiente de cada uno de los submodelos modificados y se concluye que todos ellos mejoran su eficiencia de predicción respecto al modelo original. La validación del submodelo de degradación se realizó utilizando información obtenida en campo en dos suelos diferentes de los herbicidas metsulfuron-metil y triasulfuron. Finalmente se concluye que el modelo propuesto sería eficiente en la simulación de la persistencia de estas sulfonilureas en el suelo, utilizando una cinética de primer grado para metsulfuron-metil y una de segundo grado para triasulfuron.

  18. Seletividade dos herbicidas setoxidim, isoxaflutol e bentazon a espécies arbóreas nativas Selectivity of the herbicides sethoxydim, isoxaflutole and bentazon on native tree species

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro Henrique Santin Brancalion

    2009-03-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a sensibilidade de espécies nativas usadas em recuperação de áreas degradadas aos herbicidas setoxidim, isoxaflutol e bentazon. As espécies estudadas foram Senna multijuga, Guazuma ulmifolia e Croton urucurana. Os tratamentos de herbicida consistiram de uma testemunha (sem aplicação e aplicação de um quarto, metade, uma vez, duas vezes e quatro vezes a dose recomendada. As doses recomendadas são 184 g ha-1 de setoxidim, 37,5 g ha-1 de isoxaflutol e 720 g ha-1 de bentazon. Avaliaram-se os sintomas de fitotoxicidade, crescimento em altura, acréscimo no número de folhas e massa de matéria seca de folhas. Em outros experimentos, as doses recomendadas dos mesmos herbicidas foram aplicadas em outras 22 espécies arbóreas nativas, nas quais avaliou-se a massa de matéria seca de folhas. O delineamento experimental dos experimentos foi o inteiramente casualizado, com quatro repetições. Cada parcela experimental se constituiu de uma muda em estádio inicial de desenvolvimento. Os herbicidas não provocaram a morte das mudas, embora todas tenham apresentado sintomas de fitotoxicidade. A aplicação de isoxaflutol reduziu a massa de matéria seca das folhas em 20% das espécies, a aplicação de bentazon, em uma espécie, e a aplicação de setoxidim não reduziu a massa de matéria seca das folhas de nenhuma espécie.The objective of this work was to evaluate the sensitivity of native tree species used in the recovery of degraded land to the herbicides sethoxydim, isoxaflutole and bentazon. The species studied were Senna multijuga, Guazuma ulmifolia and Croton urucurana, and the treatment applied comprised one control sample (no herbicides were applied and the application of the herbicides at one fourth, half, one, two and fourfold the recommended dose (sethoxydim: 184 g ha-1, isoxaflutole: 37.5 g ha-1, bentazon: 720 g ha-1. Phytotoxicity symptoms, growth in length, increase in leaf number, and leaf

  19. Seletividade de herbicidas aplicados em pré-emergência da cultura da cana-de-açúcar (RB 867515 tratada com nematicidas Selectivity of herbicides applied on pre-emergence of nematicide-treated sugarcane crop (RB 867515

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J.F. Barela

    2006-06-01

    Full Text Available A aplicação simultânea de duas ou mais classes de defensivos sobre uma cultura agrícola pode provocar toxicidade às plantas. Assim, conduziu-se um experimento com o objetivo de avaliar a seletividade de herbicidas à cultura da cana-de-açúcar (RB 867515, quando aplicados em condição de pré-emergência, em áreas previamente tratadas com nematicidas no sulco de plantio. O experimento foi desenvolvido em área comercial de produção de cana-de-açúcar, no município de Piracicaba - SP, entre abril de 2003 e julho de 2004. Os tratamentos resultaram da combinação entre nove fatores herbicidas e quatro fatores nematicidas. Os herbicidas usados no experimento foram: sulfentrazone, tebuthiuron, metribuzin, ametrina, diuron, clomazone, pendimethalin e diuron + hexazinone, além de uma testemunha capinada. Os nematicidas utilizados foram: carbofuran, terbufós, aldicarb e uma testemunha sem nematicida. Avaliou-se a fitotoxicidade das diferentes combinações aos 15, 30, 60 e 90 dias após a brotação, o rendimento (t ha-1 e os parâmetros tecnológicos qualitativos. Observou-se que a seletividade inicial dos herbicidas foi prejudicada em função da interação das diferentes classes de defensivos utilizadas. Os sintomas de fitotoxicidade foram agudos, e os casos mais evidentes se originaram da associação dos nematicidas com clomazone, pendimethalin e tebuthiuron. Contudo, os danos fitotóxicos não se refletiram em perdas significativas de rendimento ou de qualidade de colmos, fato esse que pode ter sido influenciado pela capacidade de recuperação de injúrias apresentada pela variedade RB 867515, pela ocorrência de altas infestações de nematóides ou pela elevada variabilidade experimental.Simultaneous applications of two or more classes of herbicides on a crop may promote ,totoxicity in the plants. Therefore, an experiment was conducted to evaluate herbicide selectivity in sugarcane, when applied under pre-emergence condition, in

  20. Avaliação de herbicidas de pós-emergência na cultura da batata Evaluation of herbicides on post emergent weed control in potato crops

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jeferson Zagonel

    1999-03-01

    Full Text Available O experimento foi instalado na Fazenda Escola da UEPG, Ponta Grossa-PR, em solo Latossolo Vermelho Escuro de textura média argilosa, tendo como objetivo avaliar a eficiência e a seletividade do herbicida propaquizafop no controle pós-emergente de plantas daninhas na cultura da batata. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso com seis tratamentos: propaquizafop (100, 125 e 150 g i.a./ha; fluazifop-p-butil (188 g i.a./ha; testemunha capinada e testemunha sem capina, em quatro repetições. O plantio foi realizado em 26 de outubro com a cultivar Elvira, usando-se o espaçamento de 0,70 x 0,35 m. As plantas daninhas presentes foram: Brachiaria plantaginea (capim-papuã, Digitaria horizontalis (capim-milhã e Eleusine indica (capim pé-de-galinha. As avaliações foram efetuadas aos 15, 30 e 45 dias após a aplicação dos tratamento. Observou-se que a aplicação de herbicidas pós-emergentes após a amontoa, permite controle adequado de plantas daninhas desde a emergência até a colheita; o herbicida propaquizafop mostrou-se eficiente no controle sobre capim-papuã e capim pé-de-galinha nas doses de 100, 125 e 150 g i.a./ha e sobre capim-milhã nas doses de 125 e 150 g i.a./ha. As perdas na produção causadas pela competição com plantas daninha foram da ordem de 57,4 %. Não foram observados efeitos fitotóxicos nas plantas de batata que pudessem ser atribuídos aos tratamentos aplicados.The presented field experiment was conducted at the Universidade Estadual de Ponta Grossa, Paraná State, Brazil, on Dark Red Latossoil, to evaluate the efficiency and selectivity of herbicides on post emergence weed control in potato crops. The experiment was laid out in a randomized block design with six treatments and four replications: propaquizafop (100, 125 and 150 g a.i/ha; fluazifop-p-butil (188 g a.i/ha, weed free and weedy. Planting was conducted on October 26, using the cultivar Elvira. Potato plants were spaced 0.70 x 0.35 m. The

  1. MISTURAS DE HERBICIDAS: EFEITOS DE ADJUVANTES NO CONTROLE DE PLANTAS INFESTANTES NA CULTURA DA SOJA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    VALDEMIR ANTONIO PERESSIN

    1997-01-01

    Full Text Available Estudaram-se efeitos de misturas de graminicidas com latifolicidas, aplicados em pós-emergência, acrescidos ou não de seus respectivos adjuvantes, no controle de plantas infestantes na cultura da soja (Glycine max (L. Merrill cv. IAC-8, em condições de campo. Os tratamentos consistiram em quatro graminicidas (haloxifop-metil, HM; sethoxydim, S; quizalofop-etil, QE e fluazifop-p-butil, FpB e quatro latifolicidas (chlorimuron-etil, CE; fomesafen, Fom; fluoroglycofen, Flu e lactofen, Lac, aplicados isoladamente e em misturas, além das testemunhas com e sem convivência da cultura com a comunidade infestante. Os resultados mostraram que os adjuvantes, de maneira geral, intensificaram a injúria dos herbicidas. Os graminicidas mais eficazes, aplicados isoladamente ou em misturas, no controle de Eleusine indica e de monocotiledôneas, foram HM, QE e FpB. Não houve diferenças significativas no controle de Digitaria horizontalis entre os quatro graminicidas isolados; porém, as melhores misturas foram as que utilizaram os graminicidas QE ou HM. Para controle de Mollugo verticillata, os melhores tratamentos foram obtidos com Lac aplicado isoladamente e com as misturas de QE, S ou HM com Fom e seus respectivos adjuvantes. As misturas de tanque apresentaram efeitos predominantemente antagonísticos no controle de E. indica, D. horizontalis e monocotiledôneas. Efeitos estatis-ticamente antagonísticos e sinergísticos no controle de M. verticillata foram obtidos, respec-tivamente, nas misturas de tanque com Lac e com Fom. Uma possível interação entre os adjuvantes e as misturas de herbicidas ocorreu nas avaliações de controle para E. indica, quando as misturas de S ou de HM foram usadas com ou sem adjuvantes. Os tratamentos com herbicidas não influíram na produção do cultivar de soja IAC-8.Mixtures of narrowleaf and broadleaf herbicides, with or without their respective surfactants, were evaluated as to postemergence selectivity for weed

  2. Carta ao Editor

    OpenAIRE

    Correia, Miguel

    2017-01-01

    Exmos. Senhores Editores-Chefe,Li com muito interesse o artigo de Sousa R e colaboradores, intitulado “Que fatores levam ao abandono de crianças do serviço de urgência antes da observação médica?”.

  3. Toxicidad en peces de herbicidas formulados con glifosato Toxicity in fishes of herbicides formulated with glyphosate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Alvarez

    2012-07-01

    Full Text Available En nuestro país existe una gran extensión de hectáreas cultivadas con soja transgénica, la misma ha sido modificada genéticamente para soportar la acción de un herbicida denominado glifosato. Debido a la gran cantidad de formulaciones comerciales que incluyen glifosato es de importancia analizar el impacto ambiental producido por éstas. La evaluacion de la toxicidad aguda de dos herbicidas comerciales formulados con glifosato y de una solución del mismo; frente a peces de la especie Poecilia reticulata "lebistes" acusa que una de las soluciones produce mortalidad del 100 % de los especimenes a 100 μl/l (equivalente a 48 mg/l de principio activo; la otra a 50 μl/l (equivalente a 24 mg/l de principio activo y la solución formulada con glifosato puro no produce mortalidad aún a concentraciones de 400 mg/l. Utilizando dosis sub letales en función de los datos obtenidos en el ensayo de toxicidad aguda se determinó que a largo plazo especimenes de Cyprinus carpio haematopterus "carpa koi", manifestaron severas alteraciones hematológicas principalmente frente a una de las formulaciones evaluadas.Nowadays, transgenic soya, modified in order to withstand the impact of the herbicide glyphosate, in one of the main crops grown in Argentina. Due to the large number of commercial formulations that include this drug, is important to analyze both, the acute and chronic environmental impact that they cause. Here the acute toxicity of two commercial herbicides glyphosatebased toward the fish Poecilia reticulate "guppy" was evaluated and compared with pure glyphosate solutions. Interestingly, while commercial herbicides formulations induce a 100% of mortality at concentration ranged between 50 and 100 μl/l, the pure glyphosathe does not present mortality even at doses higher than 400 mg/l. When some long term effects toward Cyprinus carpio haematopterus "koi" were determined by using the sub-lethal doses already calculated it was demonstrated that

  4. Factibilidad técnica de la utilización de cobertura vegetal en papaya (Carica papaya L. mediante la aplicación localizada de herbicidas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Bogantes

    2004-01-01

    Full Text Available Factibilidad técnica de la utilización de cobertura vegetal en papaya (Carica papaya L. mediante la aplicación localizada de herbicidas. Se estudió la factibilidad de utilizar cobertura vegetal en papaya (Carica papaya L. bajo un sistema de siembra sobre lomillos. El objetivo fue establecer un área libre de malezas sobre el lomillo para permitir la colocación del fertilizante cerca del sistema radical de la papaya. Se evaluó el control de malezas de cuatro herbicidas (gifosato, oxifluorfen, pendimetalina y acetaclor sobre especies de hoja ancha, poáceas y ciperáceas, así como el posible daño de los herbicidas al cultivo y su efecto sobre el crecimiento y rendimiento de las plantas de papaya. El herbicida glifosato fue eficiente en el control de poáceas pero no contra hojas anchas. Se obtuvo muy buen control general de malezas hasta los 90 después de la aplicación con los tratamientos preemergentes oxifluorfen+pendimetalina y acetaclor. Los dos primeros herbicidas afectaron levemente las plantas de papaya cuando se aplicaron a los 10 días después de la siembra. El acetaclor no causó daño en las plantas de papaya en ninguna de las aplicaciones. No hubo diferencias entre los tratamientos con respecto a las variables de crecimiento y rendimiento del cultivo.

  5. Identificação taxonômica de espécies de capim-colchão infestantes da cultura da cana-de-açúcar no Estado de São Paulo e eficácia de herbicidas no controle de Digitaria nuda Taxonomic identification of crabgrass species infesting sugarcane crop in São Paulo State and herbicide efficacy to control Digitaria nuda

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nívea Maria P. Dias

    2005-01-01

    Full Text Available O uso contínuo de herbicidas recomendados para o controle de plantas daninhas na cultura da cana-de-açúcar tem imposto pressão de seleção sobre espécies de capim-colchão (Digitaria spp ocorrentes na cultura da cana-de-açúcar, causando redução das populações suscetíveis e aumentando a proporção de espécies tolerantes desse gênero de plantas daninhas. A fim de avaliar este fenômeno, sob condições de produção de cana no campo, foi desenvolvida esta pesquisa com os seguintes objetivos: a avaliar a eficácia de herbicidas utilizados na cultura da cana-de-açúcar no controle da Digitaria nuda em condições de campo e b identificar as espécies de Digitaria selecionadas em áreas de aplicação repetitiva de herbicidas. No experimento de campo foram utilizados oito tratamentos herbicidas (ametrina, diuron, tebuthiuron, diuron + hexazinone, imazapyr, isoxaflutole, metribuzin e imazapic, aplicados em condições de pré-emergência. As avaliações de controle foram realizadas aos 15, 30 e 60 dias após a aplicação (DAA. A identificação das espécies de Digitaria, foram efetuadas, seguindo chave analítica de identificação, através da observação das caracterí sticas morfológicas das plantas e por meio de consulta a especialista. A espécie D. nuda foi selecionada pela aplicação contínua dos herbicidas utilizados no controle de capim-colchão na cultura da cana-de-açúcar. Essa espécie pode, de maneira geral, ser controlada em níveis abaixo do esperado, pelos herbicidas diuron, tebuthiuron, diuron + hexazinone, imazapyr e imazapic. No entanto, os herbicidas ametrina, isoxaflutole e metribuzin apresentaram boa eficácia de controle até os 60 DAA.The continuous use of herbicides from the chemical groups triazines and substituted ureas has imposed a selection pression upon tolerant species of crabgrass (Digitaria spp, in sugarcane plantations, causing the phenomenon of weed species shift, by reducing the

  6. Factores de riesgo para bacteriemia por Pseudomonas aeruginosa resistente a carbapenémicos adquirida en un hospital colombiano

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandra Liliana Valderrama

    2016-04-01

    Conclusión. Para el control de la aparición de P. aeruginosa resistente a carbapenémicos, se deben fortalecer los programas de control de antimicrobianos, promover el uso prudente de carbapenémicos y quinolonas, y vigilar el uso adecuado de la nutrición parenteral.

  7. Quinoa (Chenopodium quinoa reaction to herbicide residue in a Brazilian Savannah soil Reação de quinoa (Chenopodium quinoa a resíduos de herbicida em um solo de cerrado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberto Lorena de Barros Santos

    2003-06-01

    Full Text Available The quinoa (Chenopodium quinoa Willd. cultivation, one of the most promising in double cropping with soybeans or maize, depends on weed control. The objective of this work was to evaluate quinoa reaction to herbicide residue in a savannah soil. Six herbicide treatments, trifluralin, pendimethalin, clomazone, imazaquin, trifluralin + imazaquin and control, were applied, prior to summer cultivation of soybean, in a Dark-Red Latosol (typic Haplustox. Soybean cultivar BR 9 Savana was grown and soil samples were collected at 15, 38, 100, 145 and 206 days after treatment and stored at -5ºC. Bioassays were conducted in greenhouse, using quinoa, cultivar Q18. Imazaquin was the most harmful to quinoa seedlings, up to 206 days after application, followed by clomazone 15-38 days after application; trifluralin and pendimethalin had no residual effect. These results suggest that a broad-base screening should be conducted.O cultivo da quinoa (Chenopodium quinoa Willd., um dos mais promissores em sucessão à soja ou ao milho, depende do controle de plantas daninhas. O objetivo deste trabalho foi estudar a reação da quinoa a resíduos de herbicidas num solo de cerrado. Seis tratamentos com herbicidas, trifluralin, pendimethalin, clomazone, imazaquin, trifluralin + imazaquin e testemunha, foram aplicados, antes da semeadura de soja, cultivar BR 9 Savana, em um Latossolo Vermelho-Escuro. Amostras de solo foram coletadas aos 15, 38, 100, 145 e 206 dias após a aplicação e armazenadas sob temperatura de -5ºC. Bioensaios foram conduzidos em casa de vegetação, usando a quinoa, cultivar Q18. Imazaquin mostrou-se o mais prejudicial à quinoa até os 206 dias, seguido por clomazone entre 15 e 38 dias após a aplicação; trifluralin e pendimethalin não mostraram efeito residual. Estes resultados sugerem ampliar a triagem, com a inclusão de novos produtos.

  8. Competição de misturas de herbicidas nas principais regiões algodoeiras (Gossypium hirsutum L. no E. de Minas Gerais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J.P. del C. Laca-Buendia

    1978-09-01

    Full Text Available Com a finalidade de testar misturas de herbicidas, aplicados em pré-plantio incorporado e préemergência na cultura algodoeira, instalaram-se no ano agrícola 74/75, três ensaios. Usaram-se no plantio as cultivares IAC-13-1 (Triângulo e Norte e Minas Dona Beja (Metalúrgica. Acanthospermum australe foi a planta daninha de mais difícil controle. Somente a mistura de tanque de alachlor a 2,00 kg/ha e linuron a 0,75 kg/ha foi eficiente no seu controle. No Triângulo Mineiro, para o total das plantas daninhas somente houve controle até os 30 dias, sendo as melhores misturas: dinitramine + diuron; dinitroanilin + prometryne e pendimethalin + diuron, sendo esse controle de 96,2%, 92,5% e 96,2% respectivamente. Com relação aos rendimentos, o melhor tratamento foi pendimetalin + diuron, com 1962 kg/ha contra 1130 kg/ha da testemunha sem capina. No Norte de Minas Gerais, para o total das plantas daninhas, as melhores misturas foram pendimethalin + diuron com controle de 86,4% aos 30 dias, 83,6% aos 50 dias e 70,3% aos 80 dias após a aplicação. Com relação aos rendimentos as misturas de dinitramine + fluometuron e dinitroanilin + fluometuron produziram respectivamente 1532 kg/ha e 1451 kg/ha contra 229 kg/ha da testemunha sem capina. Na Região Metalúrgica, para o controle total das plantas daninhas a mistura mais eficiente foi dinitramine + diuron, com controle de 67% até os 30 dias após a aplicação. Depois de 50 dias, seu efeito não foi satisfatório. Com relação ao rendimento, a mistura dinitramine + fluometuron produziu 831 kg/ha, contra 145 kg/ha da testemunha sem capina. Em todos os locais a altura das plantas foi afetada pela competição das plantas daninhas. O peso do tapulho e de 100 sementes foram efetados somente na região Metalúrgica, para os tratamentos sem controle sobre as mesmas. Para índice de fibra, percentagem de fibra, comprimento da fibra, índice Pressle y, índice Micronaire e maturidade da fibra em nenhuma

  9. Efeito do herbicida ramrod em canteiros de semeação de cebola The effect of ramrod herbicide on onion seedling development

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aldo Alves

    1968-01-01

    Full Text Available Experimentos foram conduzidos, em solo areno-argiloso da formação Glacial, em Campinas, para estudar os efeitos da aplicação do herbicida «Ramrod» em canteiros para formação de mudas de cebola. Foram testadas as doses de 1,30, 1,95, 2,60, 3,90 e 5,20 kg/ha de ingrediente ativo. Em relação ao combate às ervas más dicotiledôneas, apenas a dose de 1,30 kg/ha não foi superior à da testemunha. Para qualquer das doses utilizadas não se verificaram sintomas visuais de fitotoxicidade nas plantas. Pequeno efeito residual do produto foi constatado em todas as doses, aos 50-60 dias após a aplicação.Two experiments to determine the effect of various rates of Ramrod herbicide on the development of onion seedlings were conducted on sandy-clay soil type, of Glacial formation, at the «Theodureto de Camargo» Experiment Station, Campinas. The results may be summarized as follows: 1 - Ramrod herbicide as pre-emergence application may be used for weed control on onion seedling formation. No apparent damage was noted with the application of the different rates of the herbicide. 2 - The comparison between Ramrod at 1.30 kg per hectare a. i. with the check treatment revealed no significant difference in the control of dicotyledoneous species that were found 22 days after sowing. 3 - The comparison of Ramrod at 1.95 and 2.60 kg per hectare a.i. of experiment 1, and 2.60, 3.90 and 5.20 kg per hectare a.i. of experiment 2 with the check treatment, showed highly significant differences in the control of dicotyledoneous species after 22 and 34 days. 4 - After 8 weeks no residual effect was observed from any rate of application of Ramrod. There was a regrowth of weeds after that period. 5 - Based on these experiments Ramrod at 1.95 up to 3.90 kg per hectare a.i., depending on soil type, could be recommended for weed control in onion seedbeds.

  10. Avaliação de diferentes herbicidas para erradicação química de coqueiros infectados com resinose Herbicide selection for chemical eradication of coconut palms infected with stem-bleeding

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    H.R. Fontes

    2009-01-01

    Full Text Available Objetivou-se neste trabalho selecionar herbicidas que possam ser utilizados na erradicação química de coqueiros infectados com resinose. O experimento foi instalado no município de Neópolis - SE, no período de junho a julho de 2007. Utilizou-se uma população de coqueiros da variedade anão-verde, implantada há 11 anos. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado, em parcelas subdivididas no tempo, com cinco repetições (cada unidade experimental foi composta por um coqueiro infectado. Os tratamentos foram formados pela combinação de dez tratamentos herbicidas {MSMA (36 g por planta; glyphosate (18 g por planta; paraquat (10 g por planta; [2,4-D + picloram] (18 + 1,125 g por planta; [2,4-D + picloram] + paraquat ([9 + 0,5625] + 5 g por planta; MSMA + glyphosate (18 + 9 g por planta; MSMA + paraquat (18 + 5 g por planta; glyphosate + paraquat (9 + 5 g por planta; [2,4-D + picloram] + MSMA ([9 + 0,5625] + 18 g por planta; tratamento controle (testemunha sem aplicação} e de quatro épocas de avaliação (7, 14, 21 e 28 dias após a aplicação dos tratamentos herbicidas. Os herbicidas foram injetados no estipe dos coqueiros em um furo de 25 cm de profundidade, 5 cm de diâmetro e inclinação de 45º, localizado a 1,0 m de altura. A aplicação foi realizada por intermédio de uma seringa graduada, imediatamente após a abertura dos furos, sendo os herbicidas aplicados sem diluição. Foram realizadas quatro avaliações da dessecação dos coqueiros, aos 7, 14, 21 e 28 dias após a aplicação dos tratamentos (DAA. O herbicida MSMA foi o que resultou na dessecação mais rápida dos coqueiros doentes, além de promover a morte de todas as plantas avaliadas, sendo por isso o tratamento mais indicado na continuação dos estudos visando à proposição de uma técnica para a erradicação química de coqueiros infectados com resinose.The objective of this work was to select herbicides that can be used to chemically

  11. Controle de dez espécies daninhas em cana-de-açúcar com o herbicida mesotrione em mistura com ametryn e metribuzin Control of ten weed species in sugarcane using mesotrione mixed with ametryn and metribuzin

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    F.T. Carvalho

    2010-01-01

    Full Text Available Existem muitas opções de herbicidas para aplicações em pré-emergência em cana-de-açúcar, mas o grande desafio atual para a cultura é o controle pós-emergente. O objetivo deste trabalho foi avaliar a eficácia do herbicida mesotrione em mistura com ametryn e metribuzin no controle em pós-emergência de 10 espécies daninhas semeadas em cana-de-açúcar, variedade RB 86-7515. As espécies daninhas selecionadas para o experimento foram: Brachiaria decumbens, Brachiaria plantaginea, Cenchrus echinatus, Digitaria horizontalis, Panicum maximum, Amaranthus deflexus, Bidens pilosa, Euphorbia heterophylla, Ipomoea nil e Sida glaziovii, semeadas nas entrelinhas após a emergência da cultura. Os herbicidas foram aplicados aos 45 dias após o plantio da cana-de-açúcar, com as plantas daninhas monocotiledôneas na fase de terceiro perfilho e as dicotiledôneas com três a quatro pares de folhas, e constaram dos seguintes tratamentos: mesotrione (120 g ha-1; ametryn (2.000 g ha-1; metribuzin (1.920 g ha-1; mesotrione + ametryn (120 g + 2.000 g ha-1; mesotrione + metribuzin (120 g + 1920 g ha-1 e testemunhas no mato e no limpo. Concluiu-se que os herbicidas isolados ou em mistura foram seletivos à cana-de-açúcar. Com relação à eficácia, observou-se que o herbicida mesotrione foi eficiente no controle de A. deflexus; ametryn, no controle de A. deflexus, B. pilosa e I. nil; metribuzin, no controle de A. deflexus, B. pilosa e S. glaziovii; mesotrione + ametryn, no controle de B. decumbens, B. plantaginea, D. horizontalis, P. maximum, A. deflexus, B. pilosa, I. nil e S. glaziovii; e mesotrione + metribuzin, no controle de B. plantaginea, D. horizontalis, P. maximum, A. deflexus, B. pilosa e S. glaziovii. Foi constatado elevado efeito sinergístico do mesotrione com os herbicidas testados, sendo o efeito mais pronunciado na mistura com o ametryn.There are many herbicide application options for sugarcane pre-emergence but, currently, post

  12. Cepas de Campylobacter jejuni resistentes a quinolonas aisladas de humanos, gallinas y pollos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodolfo Notario

    2011-08-01

    Full Text Available Se compararon 8 aislamientos de Campylobacter jejuni provenientes de humanos con enfermedad diarreica aguda, con 23 aislamientos de cloaca de gallinas y pollos obtenidos de zonas próximas a la ciudad de Rosario, todos resistentes a la ciprofloxacina. Las muestras se sembraron en agar selectivo y se incubaron en microaerofilia a 42 °C. Las colonias se identificaron con el método tradicional. Los aislamientos se conservaron a -70 °C en caldo cerebro corazón con 17% v/v de glicerina. La clonalidad se determinó por RAPD-PCR, utilizando el primer 1254 (Stern NJ. Se interpretaron los aislamientos como clones distintos cuando diferían en una banda de amplificación. Se obtuvieron 5 clones diferentes. Los patrones I, II y V fueron aislados en criaderos industriales de pollos y en humanos (el II también en un establecimiento de gallinas ponedoras de huevos. En un gallinero familiar se obtuvo el patrón I. El patrón III sólo se obtuvo de humanos. El patrón IV se halló en uno de los criaderos pero no en humanos. Se pudo determinar que 93.5% de las cepas se aislaron tanto de animales como de humanos, por lo que se considera posible que la colonización de criaderos con cepas resistentes a los antimicrobianos pudiera ser el origen de la infección de humanos.

  13. Breve revisión sobre características de la cutícula vegetal y penetración de herbicidas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    María del C. Lallana

    2006-01-01

    Full Text Available Se presenta una breve revisión sobre las características de la cutícula de las plantas y su relación con la penetración de los herbicidas, así como los factores que afectan dicha penetración. Se tienen en cuenta aspectos estructurales, como características de las ceras de la cutícula, y ambientales que determinan la correcta absorción de los herbicidas. Se hace referencia a los estudios realizados sobre Eryngium horridum, la presencia de estomas y la penetración diferencial de los herbicidas en el haz y en el envés de las hojas.

  14. Eficiência fotossintética e consumo de água de Ipomoea triloba após aplicação de herbicidas Photosynthetic efficiency and water consumption of Ipomoea triloba after herbicide application

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R. Araldi

    2012-09-01

    Full Text Available Este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de avaliar a fluorescência através da taxa de transporte de elétrons, consumo de água e intoxicação de plantas de Ipomoea triloba após aplicação de quatro herbicidas de diferentes mecanismos de ação. Os herbicidas aplicados foram: glyphosate, haloxyfop-methyl, diuron e amicarbazone. A aplicação foi feita com auxílio de um pulverizador estacionário instalado em laboratório; após a aplicação dos tratamentos, as plantas foram mantidas em casa de vegetação. Foi avaliada a taxa de transporte de elétrons (ETR, o consumo de água e a intoxicação das plantas em vários períodos após o início do experimento. Os dados de ETR e fitointoxicação foram expressos em porcentagem da testemunha e submetidos à análise de variância e à comparação das médias. Quanto ao consumo de água, os dados foram acumulados e ajustados por modelos de regressão. Assim, pode-se dizer que o fluorômetro é uma ferramenta adequada para verificar a intoxicação antecipada em plantas de I. triloba tratadas com os herbicidas amicarbazone e diuron, visto que a inibição da ETR foi verificada antes de qualquer intoxicação visual sofrida por essas plantas; o consumo de água está relacionado diretamente com o transporte de elétrons, com exceção das plantas submetidas ao haloxyfop-methyl, que não sofreram interferência no transporte de elétrons, mas reduziram o consumo de água.This work was carried out to evaluate fluorescence through electron transport rate (ETR, water consumption and intoxication of Ipomoea triloba after application of four herbicides with different mechanisms of action. The herbicides glyphosate, haloxyfop-methyl, diuron, and amicarbazone were applied using a stationary sprayer installed in the laboratory. After application, the plants were kept under greenhouse conditions. Electron transport rate, water consumption and plant intoxication were evaluated at various periods

  15. Tolerância de cultivares de cana-de-açúcar a herbicidas aplicados em pós-emergência Tolerance of sugarcane cultivars to herbicides applied in post-emergence

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joseane Rodrigues de Souza

    2009-01-01

    Full Text Available O presente trabalho teve por objetivo avaliar a tolerância de cultivares de cana-de-açúcar a herbicidas aplicados em pós-emergência inicial da soqueira. O experimento foi implantado em Ribeirão Preto (SP, no ano agrícola de 2007/2008. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso, em esquema de parcelas subdivididas com 36 tratamentos em quatro repetições. Foram utilizadas as cultivares IACSP94-2094, IACSP94-2101, IACSP93-3046, IACSP94-4004, RB72454 e a IAC 86-2480 nas parcelas e os herbicidas, constituídos pela mistura pronta de diurom (1170g ha-1 + hexazinona (330 g ha-1; diurom (1865 g ha-1 + hexazinona (234 g ha-1; metribuzim; tebutiuron; amicarbazona e uma testemunha nas subparcelas. Foram avaliados os sintomas visuais de intoxicação, teor relativo de clorofila, eficiência fotoquímica máxima do fotossistema II, altura, estande, qualidade tecnológica da cana e a produção dos colmos. Concluiu-se que as cultivares IACSP94-2094, IACSP94-2101, IACSP93-3046, IACSP94-4004, RB72454 e IAC86-2480 não foram influenciadas pelos herbicidas, apenas ocorreram diferenças inerentes à própria genética. Observou-se apenas leves sintomas de intoxicação na fase inicial de desenvolvimento e não se constatou nenhum prejuízo ao conteúdo de clorofila, avaliado pelo teor relativo de clorofila. No sistema fotossintético houve pequeno prejuízo na fase inicial, quando avaliado pela eficiência fotoquímica máxima do FS II (Fv/Fm, mas que não foi suficiente para prejudicar a altura, o estande, a produção e a qualidade tecnológica das diferentes cultivares de cana-de-açúcar estudadas.This study aimed to assess the tolerance of cultivars of sugarcane to herbicides applied in post-emergence initial of ratoon. The experiment was carried in Ribeirão Preto, SP, Brazil, in the agricultural year 2007/2008. The experimental design was the randomized blocks, in split-plots, 36 treatments and four replications. It was used the cultivars

  16. Ação de minhocas Eisenia foetida sobre a dissipação dos herbicidas simazina e paraquat aplicados no solo Action of earthworms Eisenia foetida on the dissipation of the herbicides simazine and paraquat applied onto soil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    S. Papini

    2004-02-01

    Full Text Available Geralmente, os herbicidas são aplicados diretamente no solo, razão pela qual entram em contato direto com organismos deste ambiente, dentre eles as minhocas, as quais pelo metabolismo podem agir sobre resíduos desses compostos. Tomando minhocas da espécie Eisenia foetida como exemplo, determinaram-se a dissipação dos 14C-herbicidas (simazina e paraquat e a bioacumulação destes compostos em seus tecidos, a partir de solo tratado com as concentrações recomendadas e, no caso do paraquat, também com concentrações superiores. Solo e minhocas foram analisados por extração com solventes e técnicas radiométricas, após 30 ou 90 dias de contato. As minhocas alteraram a dissipação do simazina, visto que houve 100 % de recuperação do radiocarbono na ausência de minhocas e 90 % na presença dos animais. Além disso, elas acumularam resíduos e, ou, metabólitos de simazina em seus tecidos, tendo-se detectado Fator de Bioacumulação (FB de 1,45 e 1,17 após exposição ao solo tratado durante 30 e 90 dias, respectivamente. Por outro lado, a presença de minhocas não alterou o comportamento do herbicida paraquat aplicado ao solo, mas houve bioacumulação crescente de seus resíduos e, ou, metabólitos com o aumento da dose de tratamento (FB de 0,5; 3,2 e 5,5, respectivamente, nas concentrações recomendadas, 10 e 100 vezes superior.Herbicides are normally applied directly onto the soil, where they enter in contact with soil organisms, among these with earthworms, whose metabolism can act on herbicide residues. Focusing on the earthworms Eisenia foetida as model we determined: dissipation of the 14C- herbicides Simazine and Paraquat as well as bioaccumulation in the animal tissues from soil treated with the recommended doses and with 10 and 100 times higher doses for paraquat. Earthworms and soil were analyzed by solvent extraction and radiometric techniques after 30 or 90 days of contact. The earthworms altered the dissipation of

  17. Antibacterial activity of plant extracts and phytochemicals on antibiotic-resistant bacteria Atividade de extratos vegetais e fitofármacos sobre bactérias resistentes a antibióticos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gislene G. F. Nascimento

    2000-10-01

    étodo de difusão em agar, foram utilizadas 14 amostras de microrganismos: 1 levedura (Candida albicans, 5 bactérias sensíveis (Staphylococcus aureus, Salmonella choleraesuis, Pseudomonas aeruginosa, Bacillus subtilis, Proteus spp e 8 bactérias resistentes a antibióticos isoladas de ambiente hospitalar (2 amostras diferentes de Klebsiella pneumoniae, Shigella spp, Proteus spp, Pseudomonas aeruginosa, Enterobacter aerogenes, Escherichia coli e Staphylococcus aureus. A determinação do CIM e sinergismo foram realizados pela incorporação dos extratos e antibióticos aos meios de culturas liquidos. O maior potencial antimicrobiano foi verificado para os extratos de cravo e jambolão que inibiram, respectivamente, 64,2 e 57,1% dos microrganismos, inclusive com maior atividade sobre os microrganismos resistentes a antibióticos (83,3%. Associação de antibióticos e extratos vegetais ou fitofármacos, sobre bactérias resistentes a antibióticos, mostrou que em alguns casos ocorreu sinergismo, possibilitando que antibióticos já ineficazes apresentassem ação sobre estas bactérias. Os dados obtidos no presente trabalho permitem concluir que estudos mais detalhados sobre o uso terapêutico das plantas devem ser intensificados, principalmente sobre bactérias resistentes a antibióticos, seja na sua ação individual ou em menores concentrações associados com antibióticos.

  18. TOXICIDAD AGUDA Y LESIONES HISTOPATOLÓGICAS EN CACHAMA BLANCA (Piaractus brachypomus) EXPUESTAS A LA MEZCLA DE HERBICIDA ROUNDUP® MÁS SURFACTANTE COSMOFLUX® 411F

    OpenAIRE

    Pedro Eslava M; Hover Vidal B; Iang Rondón B.; Wilson Ramírez D

    2009-01-01

    Objetivo. Determinar la concentración letal 50 (CL50) y lesiones anatomopatológicas inducidas por la exposición a la mezcla del herbicida Roundup® más el surfactante Cosmoflux® 411F en juveniles de cachama blanca (Piaractus brachypomus). Materiales y métodos. Ejemplares de 44.5 ± 3.7 g de peso fueron expuestos por 96 h a varias concentraciones de la mezcla herbicida más surfactante. Se registró la mortalidad al cabo de las 96 h y se tomaron muestras de tejidos para evaluación histopatológica....

  19. Controle de plantas daninhas com herbicidas e efeitos da seletividade destes sobre o crescimento e produtividade de feij?o-caupi (Vigna unguiculata (l.) walp.)

    OpenAIRE

    Nina, Nailson Celson da Silva

    2011-01-01

    Foram instalados tr?s experimentos com o objetivo avaliar o controle de plantas daninhas com herbicidas e a seletividade destes sobre o crescimento e a produtividade de feij?o-caupi (Vigna unguiculata (L.) Walp.). O primeiro experimento foi instalado em uma ?rea de v?rzea onde foi avaliado o controle de plantas daninhas com oitos herbicidas: bentazon (720 g ha-1), clethodim (108 g ha-1), fluazifop-p-butyl (250 g ha-1), fomesafen (250 g ha-1), linuron (1490 g ha-1), oxyfluorf...

  20. Monitorização ambulatorial da pressão arterial e risco cardiovascular em mulheres com hipertensão resistente Monitoreo ambulatorio de la presión Arterial y riesgo cardiovascular en mujeres con hipertensión resistente Ambulatory blood pressure monitoring and cardiovascular risk in resistant hypertensive women

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Monica Maria Ferreira Magnanini

    2009-06-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Poucos estudos exploraram o valor prognóstico da monitorização ambulatorial da pressão arterial (MAPA em pacientes hipertensos resistentes, um grupo que apresenta alto risco. OBJETIVO: Investigar o valor prognóstico da pressão arterial (PA de vigília, em mulheres hipertensas resistentes. MÉTODOS: Foram acompanhadas por até 8,9 anos (média 3,9, 382 mulheres hipertensas resistentes com idade entre 24-92 anos, atendidas em uma unidade de hipertensão de um hospital universitário. As pacientes foram classificadas como controladas (PA de consultório > 140/90 mmHg e PA de vigília 140/90 mmHg e PA de vigília > 135/85 mmHg. Analisou-se uma combinação de mortalidade cardiovascular, cardiopatia isquêmica, acidente vascular encefálico e nefropatia. Utilizou-se o modelo proporcional de Cox para estimar o risco de eventos cardiovasculares ajustado para potenciais confundidores. RESULTADOS: A taxa total de eventos foi de 5,0 por 100 mulheres-ano. No grupo de controladas esse valor foi de 3,7 e entre as não-controladas, de 5,8, com p=0.06. Os riscos relativos associados ao aumento de 10 mmHg na PA sistólica, ajustando para idade e tabagismo atual, foram maiores que os associados a aumentos de 5 mmHg na PA diastólica. Pacientes com descenso noturno 10%, embora essa associação não tenha sido estatisticamente significante. A pressão de vigília não controlada (sim/não foi um forte fator de risco independente, 1,67 (1,00-2,78. CONCLUSÃO: O aumento de 67% no risco de evento cardiovascular quando a PA de vigília não estava controlada é indicador de que o uso da MAPA é essencial na avaliação do controle e como guia das decisões terapêuticas na hipertensão resistente.FUNDAMENTO: Pocos estudios exploraron el valor pronóstico del monitoreo ambulatorio de presión arterial (MAPA en pacientes hipertensos resistentes, un grupo que presenta alto riesgo. OBJETIVO: Investigar el valor pronóstico de la presión arterial (PA

  1. Influência das condições climáticas no momento da aplicação de herbicidas pós-emergentes sobre a eficácia de controle de nabiça (Raphanus raphanistrum na cultura de trigo Influence of weather conditions at application of post emergence herbicides on the control efficacy of turnip (Raphanus raphanistrum in the wheat crop

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L.H. Penckowski

    2003-12-01

    Full Text Available As condições climáticas, no momento da aplicação, determinam em grande parte a eficácia de herbicidas pós-emergentes. Com o objetivo de avaliar a influência das condições climáticas sobre a eficácia de diferentes herbicidas, aplicados na pós-emergência da cultura de trigo, para o controle de Raphanus raphanistrum (nabiça, foi conduzido um experimento em condições de campo, na Estação Experimental da Fundação ABC, município de Tibagi-PR, na safra de 2002. A cultura de trigo foi instalada em sistema de plantio direto, utilizando o cultivar OR1. O delineamento experimental adotado foi o de blocos ao acaso em esquema fatorial 5 x 4 (cinco herbicidas e quatro horários de aplicação, em quatro repetições. Os herbicidas utilizados foram, em g de i.a. ha-1: metsulfuron-methyl (3,6, iodosulfuron-methyl (5,0, metribuzin (144,0, 2,4-D amina (1005,0 e 2,4-D éster (400,0; os horários de aplicação durante o dia foram 7h, 10h30, 13h30 e 17h45. A aplicação dos tratamentos herbicidas foi feita com a cultura do trigo em pleno perfilhamento, e com uma infestação de 288 pl m-2 de nabiça, que possuíam em média cinco a sete folhas. As características avaliadas foram eficácia de controle da nabiça e porcentagem de fitotoxicidade na cultura aos 8, 16, 22 e 30 dias após aplicação dos tratamentos (DAA. Os dados obtidos foram submetidos à análise de variância pelo teste F no programa SAS, sendo as médias comparadas pelo teste de LSD de Fishes a 5% de probabilidade. Houve interação entre os herbicidas e os horários de aplicação em relação ao controle de nabiça. Metribuzin e iodosulfuron-methyl foram os herbicidas menos influenciados pelas condições climáticas nos diferentes horários para o controle de nabiça. O metribuzin foi mais eficiente no seu controle, mas evidenciou sintomas de fitotoxicidade que desapareceram aos 30 DAA. As condições climáticas que ocorreram para os diferentes horários de aplica

  2. AO Group Annual Report

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Olivier, S

    2005-10-04

    The Adaptive Optics (AO) Group in I Division develops and tests a broad range of advanced wavefront control technologies. Current applications focus on: Remote sensing, High power lasers, Astronomy, and Human vision. In the area of remote sensing, the AO Group leads a collaborative effort with LLNL's Nonproliferation, Arms Control & International Security (NAI) Directorate on Enhanced Surveillance Imaging. The ability to detect and identify individual people or vehicles from long-range is an important requirement for proliferation detection and homeland security. High-resolution imaging along horizontal paths through the atmosphere is limited by turbulence, which blurs and distorts the image. For ranges over {approx}one km, visible image resolution can be reduced by over an order of magnitude. We have developed an approach based on speckle imaging that can correct the turbulence-induced blurring and provide high resolution imagery. The system records a series of short exposure images which freeze the atmospheric effects. We can then estimate the image magnitude and phase using a bispectral estimation algorithm which cancels the atmospheric effects while maintaining object information at the diffraction limit of the imaging system.

  3. Efecto de rastrojos de malezas y herbicidas pre-emergentes en el control de malezas en frijol

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Franklin Herrera

    2000-01-01

    Full Text Available En la Estación Experimental Fabio Baudrit, Alajuela, Costa Rica de setiembre de 1998 a febrero de 1999, se evaluó el efecto de los rastrojos de Ixophorus unisetus, Digitaria spp., Cynodon dactylon y Rottboellia cochinchinensis sobre: las malezas, la eficacia de los herbicidas pendimetalina, alaclor e imazetapir, y sobre la nodulación por Rhizobium y el crecimiento del frijol. Se encontró que la presencia de rastrojos sobre la superficie del suelo a razón de 4,5 t de materia seca/ha no fue efectiva para reducir el crecimiento de malezas en el cultivo del frijol sembrado en labranza de conservación. La eficacia de los herbicidas pendimetalina, imazetapir y alaclor no fue afectada por la presencia de los rastrojos sobre la superficie del suelo. Los rastrojos de Ixophorus unisetus afectaron negativamente el crecimiento y la producción del frijol, mientras que los rastrojos de Digitaria spp. y Cynodon dactylon tuvieron efectos positivos sobre el cultivo

  4. Glyphosate em mistura com herbicidas alternativos para o manejo de plantas daninhas Glyphosate combined with alternative herbicides for vegetation management

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P.A. Monquero

    2001-12-01

    Full Text Available O uso intensivo de glyphosate como herbicida não-seletivo tem selecionado espécies de plantas daninhas tolerantes. Dessa forma, é importante que sejam estudadas misturas de tanque com herbicidas de mecanismos de ação alternativos e que apresentem efeitos sinergísticos ou aditivos. Por essa razão, foi instalado um experimento inteiramente casualizado, composto por 13 tratamentos e 4 repetições, em casa de vegetação da Universidade de São Paulo - ESALQ/USP, Piracicaba-SP, com as plantas daninhas Richardia brasiliensis, Commelina benghalensis, Amaranthus hybridus, Galinsoga parviflora e Ipomoea grandifolia em misturas de tanque dos herbicidas chlorimuron-ethyl, sulfentrazone, carfentrazone, bentazon ou flumioxazin com glyphosate. As interações foram aditivas para as plantas daninhas I. grandifolia e C. benghalensis, e os herbicidas flumioxazin, sulfentrazone e carfentrazone aplicados isoladamente e em mistura com glyphosate foram os que proporcionaram os melhores níveis de controle. A interação de glyphosate com sulfentrazone foi antagônica em R. brasiliensis; a mistura de glyphosate com os demais herbicidas estudados foi aditiva, sendo os tratamentos com mistura de glyphosate e chlorimuron-ethyl ou flumioxazin os mais eficazes. Em A. hybridus, os tratamentos que apresentaram melhores níveis de controle foram o glyphosate e carfentrazone, aplicados isoladamente, e a mistura de glyphosate com flumioxazin, sulfentrazone, chlorimuron-ethyl e bentazon, sendo estes interações aditivas. No caso de G. parviflora, os tratamentos com flumioxazin e sulfentrazone apresentaram controle total, o mesmo acontecendo com as misturas de glyphosate com carfentrazone, flumioxazin, sulfentrazone, chlorimuron-ethyl ou bentazon.The intensive use of glyphosate as a non-selective herbicide for weed vegetation management has selected some tolerant weed species. Thus, it is important to study the synergistic or antagonic or additive effects of tank

  5. Ensaios sobre a metodologia do estudo da influência de três herbicidas em Spirodela punctata (G.F.W. Meyer Thompson (Lemnaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Durvalina Maria Mathias dos Santos

    1988-01-01

    Full Text Available O presente trabalho visa conhecer a taxa de multiplicação e o índice de mortalidade de S. punctata a diversas concentrações do butaclora, propanila e glifosato bem como comparar dois métodos diferentes de investigações (ensaio 1 e 2. Os dados indicaram que no ensaio 1 as concentrações foram pouco tóxicas provocando baixos índices de mortalidade embora tenha ocorrido inibição do crescimento nas concentrações mais fortes. O ensaio 2 mostrou que a butaclora e a propanila são mais tóxicas que o glifosato, com valores de mortalidade de 100% em apenas 48 horas. A taxa de multiplicação, neste ensaio, somente foi determinada para o glifosato, pois os demais herbicidas foram altamente tóxicos para a espécie. Verificou-se, na comparação dos dois métodos diferentes, que os recipientes utilizados no ensaio 2 foram mais adequados ao cultivo da espécie e que os efeitos tóxicos devem ser observados em frondes consideradas individualmente e não em plantas inteiras.The present work looks for a knowledge of multiplícate rate and mortality index of. S. punctata to several concentrations of butachlor, propanil and gliphosate as well as to compare two different methods. On essay 1 the concentrations were a little toxic provoking low index of mortality in spite of it has occured inhibition of increasing on stronger concentrations. The essay 2 showed what, the butachlor and the propanil are more toxics than the gliphosate, with values of mortality of 100% in only 48 hours. The multiplícate rate, on this essay, was only determinated to the gliphosate, because the other herbicides were highly toxic to the species. It was checked on the comparation of the two different methods the posts used on essay 2 were more appropriate to the cultive specie and the toxic effects must be observated on considered individualy and not on whole plants.

  6. Control de Commelina erecta L. con herbicidas postemergentes con el objetivo de su uso en cultivos de soja transgénica Chemical control of Commelina erecta L. in trangenic soybean

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo H. de la Vega

    2000-01-01

    Full Text Available O presente trabalho teve como objetivo avaliar a eficácia dos herbicidas aplicados em pósemergência em plantas de soja, para o controle de Commelina erecta L. O experimento foi conduzido sob condições de casa-de-vegetação. A aplicação foi realizada quando as plantas encontravam-se no estádio de seis folhas. Foram feitas 6 repetições com os seguintes tratamentos, com as doses em i.a./ha: 1 glyphosate (1494 g, 2 tifensulfuron methyl (6 g, 3 chlorimuron ethyl (10 g, 4 benazolin (300 g, 5 flumiclorac pentil (30 g, 6 bentazon (480 g, 7 lactofen (156 g, 8 fomesafen ( 200 g, 9 oxifluorfen (480 g, 10 imazethapyr (80 g, 11 fluoroglicofen (48 g e testemunha sem aplicação. Foram feitas avaliações visuais e medições da altura das plantas aos 7 e aos 14 dias e, avaliação de matéria seca aos 28 dias após da aplicação. Os dados avaliados foram analisados através do ANOVA. Todos os tratamentos diferiram significativamente em relação à testemunha, ao nível de 5% de probabilidade (Teste LSD. Os herbicidas glyphosate (100% de mortalidade e imazethapyr (67% de mortalidade de plantas diferiram com os demais tratamentos. Chlorimuron ethyl, bentazon e lactofen também mostraram ser eficientes causando reduções maiores de 80% do peso de massa seca das plantas daninhas. Benazolin e flumiclorac pentil foram os de menor eficácia até quando causaram reduções de 50 e 60% de matéria seca da planta daninha.The aim of this work was to evaluate the efficacy of post-emergence herbicides on soybean plants in order to control Commelina erecta L. This experiment was carried out under greenhouse conditions. the herbicides were applied on plants at six leaves stage. Following treatments with six replications (doses in i.a./ha were tested: 1 Glyphosate (1494 g, 2 Tifensulfuron methyl (6 g, 3 Chlorimuron ethyl (10 g, 4 Benazolin (300 g, 5 Flumiclorac pentil (30 g, 6 Bentazon (480 g, 7 Lactofen (156 g, 8 Fomesafen (200 g, 9 Oxifluorfen (480 g , 10

  7. Isolamento e seleção de fungos para biorremediação a partir de solo contaminado com herbicidas triazínicos Isolation and screening of fungi to bioremediation from triazine herbicide contaminated soil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciane Maria Colla

    2008-06-01

    Full Text Available A biorremediação é uma tecnologia que utiliza o metabolismo de microrganismos para eliminação ou redução, a níveis aceitáveis, de poluentes presentes no ambiente. Os herbicidas triazínicos são usados intensivamente no controle de ervas daninhas, principalmente na cultura de milho. Objetivou-se, neste trabalho, isolar fungos filamentosos de solos contaminados com herbicidas triazínicos (atrazine e simazine e selecionar os microrganismos isolados quanto à capacidade de crescimento em meio adicionado de atrazine. Os microrganismos foram isolados, cultivados em meio Ágar-Batata-Dextrose (BDA acidificado com ácido tartárico 10%, adicionado de 50 mg.Kg-1 de atrazine e incubados por 5 dias a 25ºC. Foi realizada a medida diária do crescimento fúngico e calculada a velocidade de crescimento radial através de regressão linear dos raios das colônias utilizando-se a equação r(t = a + VCR .t (r:raio; t: tempo; VCR: velocidade de crescimento radial. Os resultados de VCR foram analisados através de Anova simples e do teste de Tukey, para comparação de médias. Foram isolados 15 fungos, pertencentes aos gêneros Aspergillus, Penicillium e Trichoderma. As maiores VCRs foram obtidas com fungos Aspergillus (A1 e Penicillium (AS1, isolados de solo contaminado com atrazine e atrazine adicionado de simazine, respectivamente, que apresentaram VCRs de 1,57 mm.d-1 e 1,28 mm.d-1. O crescimento dos fungos em meio contaminado com a atrazine indica a possibilidade de utilização desses fungos em estudos de biorremediação de solos contaminados com herbicidas triazínicos.Bioremediation is a technology that uses microrganism metabolism to quickly eliminate or reduce pollutants to acceptable levels into the environment. The triazine herbicides are intensively used to control harmful grass in the culture of maize. The aim of this work was to isolate filamentous fungi from soil contaminated with triazine herbicides and screening these fungi due to

  8. Bioactividad de microorganismos nativos sobre infecciones en naranjas de Penicillium digitatum resistente y sensible a fungicidas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Griselda Visintin

    2007-01-01

    Full Text Available El objetivo del trabajo que se expone fue evaluar tres microorganismos locales por su efecto supresor de podredumbres causadas por Penicillium digitatum sobre naranjas Valencia Late. Frutas en madurez comercial fueron inoculadas por heridas con 40 μl de suspensión microbiana a una concentración de 107-108 ufc/ml. Dos horas después, se aplicaron 20 μl de suspensión conteniendo 3,8 x 106 con/ml de Penicillium resistente y sensible a fungicidas de síntesis. Las frutas se incubaron durante 8 días, bajo condiciones de laboratorio usando un DCA de 5 tratamientos de 25 frutas, con 4 repeticiones. Se registró la incidencia acumulada de frutas podridas, se obtuvieron las tasas de infección ajustando las curvas de progreso a modelos matemáticos y el porcentaje de eficacia para cada tratamiento. La capacidad bioactiva de los agentes evaluados fue mayor sobre la cepa de Penicillium sensible a fungicidas. Dentro de los microorganismos nativos, CNOV1 bacteria obtenida del frutoplano de naranja, resultó el aislamiento más eficaz, logrando las menores incidencias de frutas sintomáticas y las menores tasas de infección sobre naranjas Valencia Late.

  9. Inferências sobre atividade rizosférica de espécies com potencial para fitorremediação do herbicida tebuthiuron Rhizospheric activity of potentially phytoreme-diative species for tebuthiuron-contaminated soil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fábio Ribeiro Pires

    2005-07-01

    Full Text Available A ação da microbiota rizosférica, acelerando a degradação de compostos no solo, é conhecida como fitoestimulação e constitui-se em um dos principais mecanismos de fitorremediação de herbicidas no solo. Plantas tolerantes ao tebuthiuron, que sejam capazes de estimular sua microbiota rizosférica, podem ser de grande interesse na fitorremediação desse herbicida. O objetivo deste trabalho foi avaliar a atividade rizosférica de quatro espécies vegetais com potencial para fitorremediação de tebuthiuron e inferir a contribuição radicular no processo de descontaminação desse herbicida. Foi analisado o solo rizosférico de feijão-de-porco (Canavalia ensiformis, milheto (Pennisetum glaucum, mucuna-anã (Estizolobium deeringianum e mucuna-preta (Estizolobium aterrimum e de uma testemunha (sem planta, com e sem a presença do tebuthiuron, na dose de 0,73 µg g-1. A taxa de evolução de CO2 foi quantificada aos 1, 2, 3 e 10 dias da aplicação dos tratamentos (DAT. Os tratamentos com herbicida foram submetidos à contaminação com 40 µg g-1 de tebuthiuron. Após a aplicação, mediu-se a taxa de evolução de CO2 aos 1 e 50 DAT, empregando-se respirômetro de fluxo contínuo. A espécie feijão-de-porco apresentou sempre a maior taxa de evolução de CO2 em relação às demais espécies e à testemunha, seguido de mucuna-preta na dose comercial. Sob concentrações maiores que a dose comercial, os valores médios de taxa de evolução de CO2 foram maiores no solo rizosférico de feijão-de-porco, seguido por mucuna-preta e mucuna-anã. Feijão-de-porco foi a espécie com melhor desempenho nas avaliações realizadas; excetuando-se esta espécie, a contribuição rizosférica na fitorremediação de tebuthiuron em níveis acima da dose comercial não foi relevante.The rhizospheric microbial action, accelerating the degradation of compounds in the soil, is known as phytostimulation. It represents one of the main phytoremediation

  10. DESSECAÇÃO EM PRÉ-SEMEADURA E MODOS DE APLICAÇÃO DE HERBICIDAS EM PÓS-EMERGÊNCIA COMBINADOS OU NÃO A REGULADOR DE CRESCIMENTO EM HÍBRIDOS DE MILHO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camila Ferreira

    2014-06-01

    Full Text Available O trabalho objetivou avaliar os efeitos da dessecação em pré-semeadura, domodo de aplicação de herbicida em pós-emergência e da aplicação de trinexapac-ethylna cultura do milho, em dois anos consecutivos. O delineamento experimental foi emblocos ao acaso, com esquema fatorial 2 x 2 x 2 (com e sem dessecação em pré-semeadurax aplicação única e sequencial de herbicida em pós-emergência x com e sem aplicaçãode regulador de crescimento, com quatro repetições. Os tratamentos constaramda dessecação ou não em pré-semeadura com 400 g ha-1 de paraquate, do modo deaplicação, única ou sequencial, do herbicida em pós-emergência mesotriona + atrazinapara o híbrido Status TL e glifosato para o Maximus TLTG, além da aplicação ou não detrinexapac-ethyl. Avaliaram-se características morfológicas, componentes de rendimentoe produtividade. Na safra 2010/11 a dessecação causou aumento da altura de plantas emaior produtividade para ambos os híbridos. A aplicação sequencial de herbicidas ocasionoumaior número de fileiras por espiga para o Status TL e a aplicação do trinexapac-ethylnão promoveu alterações nas características avaliadas nessa safra. Na safra 2011/12,a dessecação em pré-semeadura promoveu maior produtividade no Maximus TLTG. Parao Status TL a dessecação em pré-semeadura resultou em maior número de espigas porplanta. O modo de aplicação de herbicidas não alterou de maneira substancial as característicasavaliadas nos dois híbridos. A aplicação do trinexapac-ethyl resultou na diminuiçãoda área foliar e do índice de área foliar do Maximus TLTG.Palavras-chave: Zea mays L.; trinexapac-ethyl; glifosato; mesotriona. Abstract: The study intended to evaluate the effects of desiccation in pre-seeding, of theherbicide application’s mode in post-emergence and the application of trinexapac-ethyl ofcorn, in two consecutive years. The experimental design was made in randomized blockwith factorial

  11. Estudo do perfil de sensibilidade aos antimicrobianos e pesquisa de genes de virulência de Escherichia coli patogênica extraintestinal em amostras isoladas de carcaças de frango

    OpenAIRE

    Vanessa Lumi Koga

    2015-01-01

    O uso de antimicrobianos na avicultura, utilizados tanto para fins terapêuticos e profiláticos quanto como promotores de crescimento, tem levado a seleção de cepas resistentes. Escherichia coli tem sido utilizada como indicadora de resistência aos antimicrobianos e de patogenicidade na avicultura. Este trabalho teve como objetivo analisar o perfil de sensibilidade aos antimicrobianos e pesquisar genes de virulência em amostras de E. coli isoladas de carcaças de frango. Na primeira parte deste...

  12. Tolerância inicial de plantas de pinhão-manso a herbicidas aplicados em pré e pós-emergência Initial tolerance of physic nut plants to pre and post-emergence herbicide application

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    E.A.L. Erasmo

    2009-01-01

    Full Text Available O presente trabalho teve por objetivo avaliar a tolerância inicial de plantas de pinhão-manso a herbicidas pré e pós-emergentes, aplicados isolados e em misturas. Foram realizados dois experimentos em condições de campo, sendo um com herbicidas pré-emergentes e outro com herbicidas pós-emergentes. Os tratamentos com os herbicidas pré-emergentes utilizados foram: atrazine (3.000 g ha-1, diuron (2.000 g ha-1, oxyfluorfen (720 g ha-1, trifluralin (890 g ha-1, pendimethalin (1.250 g ha-1, isoxaflutole (93,8 g ha-1, S-metolachlor (1.920 g ha-1, atrazine+S-metolachlor (1.500+960 g ha-1, isoxaflutole+diuron (46,9+1.000 g ha-1, trifluralin+diuron (450+1.000 g ha-1, além de uma testemunha sem aplicação. Os tratamentos com os herbicidas pós-emergentes foram: haloxyfop-methyl (60 g ha-1, nicosulfuron (60 g ha-1, sethoxydim (368 g ha-1, fluazifop-p-butyl (125 g ha-1, fluazifop-p-butyl (250 g ha-1, fomesafen (125 g ha-1, fomesafen (250 g ha-1, fluazifop-p-butyl+fomesafen (250+250 g ha-1, fluazifop-p-butyl+fomesafen (200+250 g ha ¹, clethodim + fenoxaprop-p-ethyl (50+50 g ha-1, além de uma testemunha sem aplicação e outra capinada. Os tratamentos foram dispostos em delineamento experimental de blocos casualizados, com quatro repetições. No experimento com herbicidas pré-emergentes verificou-se que plantas de pinhão-manso foram tolerantes ao diuron, trifluralin, pendimethalin, isoxaflutole, S-metolachlor e às misturas isoxaflutole+diuron e trifluralin+diuron. Com relação ao experimento com herbicidas pós-emergentes, destacaram-se o haloxyfop-methyl, sethoxydim, fluazifop-p-butyl (125 g ha-1 e a mistura clethodim+fenoxaprop-p-ethyl.This study aimed to evaluate the initial tolerance of physic nut plants to pre and post-emergence herbicides, applied alone and in mixtures. Thus, two experiments were conducted under field conditions, one with pre-emergence herbicides and the other with post-emergence herbicides. The treatments using the pre

  13. Análisis de la sensibilidad de biotipos de Lolium multiflorum a herbicidas inhibidores de la enzima ALS, ACCasa y Glifosato Sensitivity analysis of Lolium multiflorum biotypes to Glyphosate, ACCase and ALS-inhibiting herbicides

    National Research Council Canada - National Science Library

    P. Diez De Ulzurrun; M.I. Leaden

    2012-01-01

    .... En el sudeste de la provincia de Buenos Aires se registraron fallas de control a campo en poblaciones de Lolium multiflorum debido a su resistencia a distintos herbicidas de las familias de los...

  14. BANCO DE SEMENTES E ARTROPODOFAUNA ASSOCIADA À SOJA RESISTENTE AO GLIFOSATO EM FUNÇÃO DO MANEJO DE PLANTAS DANINHAS

    OpenAIRE

    Julcemar Didonet

    2012-01-01

    As plantas daninhas interferem no desenvolvimento e produtividade da soja e a infestação está diretamente relacionada com o banco de sementes do solo que reflete as práticas agrícolas adotadas. Também podem ser hospedeiras dos insetos-pragas da cultura e/ou seus inimigos naturais. Então, o conhecimento das plantas daninhas e da artropodofauna associada a comunidade infestante são informações que podem auxiliar a tomada de decisão nas práticas de manejo. Assim, esta tese teve como objetivos: I...

  15. Análise dos fatores de virulência e proteoma de Candida tropicalis sensível e resistente ao fluconazol

    OpenAIRE

    Renata Lumi Kanoshiki

    2010-01-01

    Espécies de Candida são agentes oportunistas mais frequentes em infecções fúngicas. Embora Candida albicans seja a principal e a mais estudada espécie do gênero Candida, espécies não-albicans vêm emergindo como importantes agentes de candidíases. Entre as espécies não-albicans relata-se C. tropicalis como importante agente etiológico de candidemia em pacientes com câncer, principalmente aqueles com leucemia. Em países da América Latina, esta espécie é bastante frequente, mesmo entre pacientes...

  16. Identificação de acessos de mamoeiro resistentes ao Papaya lethal yellowing virus e capacidade de Tetranychus urticae em transmitir o vírus

    OpenAIRE

    Marcos Fernando Basso; Álvaro Júlio Pereira; Hermano Monteiro de Barros Pereira; Humberto Josué de Oliveira Ramos; Jorge Luiz Loyola Dantas; Elizabeth Pacheco Batista Fontes; Eduardo Chumbinho de Andrade; Francisco Murilo Zerbini

    2015-01-01

    The objective of this work was to produce a polyclonal antiserum against the coat protein (CP) of Papaya lethal yellowing virus (PLYV) and to determine its specificity and sensibility in the diagnosis of the virus, as well as to evaluate the genetic resistance to PLYV in papaya (Carica papaya) accessions and to investigate the capacity of the two-spotted spider mite Tetranychus urticae to acquire and transmit PLYV to the plants. Sixty-five papaya accessions were evaluated. For each accession,...

  17. Pré-oxidação e adsorção em carvão ativado granular para remoção dos herbicidas Diuron e Hexazinona de água subterrânea Preoxidation and adsorption in granular activated carbon for the removal of Diuron and Hexazinone from groundwater

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Angela Di Bernardo Dantas

    2009-09-01

    Full Text Available O cultivo da cana-de-açúcar exige a utilização de herbicidas, destacando-se o Diuron e a Hexazinona. Alguns dos poços de abastecimento de Ribeirão Preto (SP construídos no Aquífero Guarani estão situados em pontos de recarga, e a presença de solo de textura arenosa nessas áreas aumenta a vulnerabilidade da água subterrânea à contaminação por herbicidas. Neste trabalho foram monitorados alguns poços localizados na área de recarga e estudou-se a remoção de Diuron e Hexazinona por meio da adsorção em carvão ativado granular (CAG e da pré-oxidação com cloro e dióxido de cloro em uma instalação piloto de escoamento contínuo. Verificou-se que o tempo de saturação do CAG no ensaio com a pré-oxidação foi inferior ao obtido no ensaio sem a pré-oxidação com ambos os oxidantes, possivelmente pela formação de subprodutos que competiram com a adsorção dos herbicidas.The cultivation of sugarcane demands the use of herbicides such as Diuron and Hexazinone. Some supply wells from Ribeirão Preto, SP, Brazil, built in the Guarani Aquifer are located in recharge points, and the presence of sandy Quartzarenic Neosol in these areas increases the vulnerability of the groundwater to contamination from herbicides This paper reports the water quality monitored in some wells located in the recharge area and the removal of Diuron and Hexazinone by means of adsorption in granular activated carbon (GAC, preceded or not by preoxidation with chlorine and chlorine dioxide in a pilot plant. The results indicated that Diuron was more strongly adsorbed than Hexazinone and that the saturation time of the GAC in the test with preoxidation was shorter than in the test without preoxidation, which may have occurred mainly due to the formation of by-products that competed with the adsorption of the herbicides.

  18. Methicillin-resistant Staphylococcus aureus on surfaces of an Intensive Care Unit Staphylococcus aureus resistente a la meticilina en superfícies de una Unidad de Cuidados Intensivos Staphylococcus aureus resistente à meticilina em superfícies de uma Unidade de Terapia Intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriano Menis Ferreira

    2011-01-01

    . RESULTADOS: De las 48 muestras positivas para Staphylococcus aureus, 29 (60,4% fueron resistentes a la meticilina. La incidencia en enrejados y manivelas de la cama, mesa, botones de la bomba de infusión y mandiles fue, respectivamente, 55,5%, 57,1%, 57,1%, 60,0% y 75,0%. CONCLUSIÓN: Los resultados sugieren que las superficies alrededor del paciente se constituye en una importante amenaza, pues representan reservorios secundarios de MRSA.OBJETIVO: Avaliar a presença de Staphylococcus aureus resistente à meticilina (MRSA em superfícies próximas aos pacientes internados em uma Unidade de Terapia Intensiva Geral. MÉTODOS: Trata-se de um estudo transversal, no qual foram coletadas amostras microbiológicas de cinco superfícies (grades direita/esquerda, manivela da cama, mesa, botões da bomba de infusão e aventais de algodão de cada dez unidades de pacientes, totalizando 63 amostras. Para a coleta, foram utilizadas placas Petri FilmTM Staph Express Count System 3M TM e para a triagem de resistência à meticilina, o ágar Mueller-Hinton adicionado de 4% de cloreto de sódio e 6 µg/ml oxacilina. Análises descritivas foram empregadas para determinar a frequência (n e porcentagem (% de contaminação das superfícies ambientais. RESULTADOS: Das 48 amostras positivas para Staphylococcus aureus, 29 (60,4% foram resistentes à meticilina. A incidência em grades e manivelas da cama, mesa, botões da bomba de infusão e aventais foi, respectivamente, 55,5%, 57,1%, 57,1%, 60,0% e 75,0%. CONCLUSÃO: Os resultados sugerem que as superfícies ao redor do paciente constituí-se uma importante ameaça, visto que representam reservatórios secundários de MRSA.

  19. Efeito da pressão de trabalho e de modelos de pontas de pulverização sobre a eficiência de herbicida de contato em soja Operating pressure and spray nozzles effects on the efficiency of contact herbicide in soybeans

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Walter Boller

    2007-12-01

    Full Text Available Nos últimos anos, nas aplicações de herbicidas de contato em pós-emergência, tem-se verificado tendência de redução do volume de calda e a utilização de pontas de pulverização que operam com baixas pressões. Com o objetivo de avaliar pontas de pulverização de jatos planos, das séries Teejet XR, DG, TT e AI, operadas com três níveis de pressão de trabalho, foi conduzido um experimento visando ao controle de picão-preto (Bidens spp., aplicando-se em pós-emergência da cultura da soja o herbicida de contato bentazon. As pontas de jatos planos das séries Teejet XR 110015, DG 110015 e TT 110015 foram operadas com pressões de 100; 200 e 300 kPa, e a ponta AI 110015, nas pressões de 200; 300 e 400 kPa. Avaliaram-se os níveis de controle das plantas de picão-preto aos 7; 14 e 21 dias após a aplicação dos tratamentos e a produtividade de grãos da cultura da soja. Observaram-se diferenças entre as pontas de pulverização e entre as pressões utilizadas. A ponta AI 110015 mostrou-se ineficiente para esse uso em todas as pressões avaliadas. A pressão de 100 kPa mostrou-se inadequada para aplicações em pós-emergência de herbicida com ação de contato com as pontas XR, DG e TT. O aumento da pressão de pulverização reflete melhor controle das plantas daninhas com o herbicida utilizado.In recent years, contact herbicides have been sprayed, with reduced spray volumes, using spray nozzles that work at low pressures. To evaluate the flat fan spray nozzles of Teejet series XR, DG, TT and AI operated at different pressures, it was conducted an experiment for hairy beggar ticks (Bidens spp. control. The experiment was carried out in Passo Fundo Municipality (Brazil, using bentazon contact herbicide in a soybean culture. The XR 110015, DG 110015 and TT 110015 nozzles were operated with pressure levels of 100; 200 and 300 kPa, and the AI 110015 nozzle with pressures of 200; 300 and 400 kPa. It was evaluated the hairy beggar

  20. Efeito da cobertura morta de milheto (Pennisetum americanum sobre a eficácia do herbicida metribuzin no controle de Ipomoea grandifolia e Sida rhombifolia Effect of Pennisetum americanum mulch in the metribuzin efficacy on the control of Ipomoea grandifolia and Sida rhombifolia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.C. Godoy

    2007-03-01

    Full Text Available Com o objetivo de avaliar a eficácia do metribuzin (480 g i.a. ha-1 associado à palha de milheto no controle de Ipomoea grandifolia e Sida rhombifolia, foram realizados dois experimentos em casa de vegetação. No primeiro, os tratamentos constituíram-se de diferentes posicionamentos do herbicida, aplicado sobre e sob a palha em diferentes condições de umidade. No segundo, foram estudados diferentes períodos de permanência (0, 7, 14 e 21 dias do herbicida sobre a palha de milheto antes da ocorrência da primeira chuva. Após o preenchimento dos vasos com solo, as plantas daninhas (I. grandifolia e S. rhombifolia foram semeadas superficialmente e, em seguida, cobertas com palha de milheto (8 t ha-1. O delineamento experimental utilizado em ambos os experimentos foi o inteiramente casualizado, com quatro repetições. Foram realizadas avaliações visuais de controle (0 a 100%, contagem das plantas daninhas aos 7, 14, 21, 28 e 35 dias após a aplicação (DAA e biomassa seca ao final. Verificou-se controle excelente das duas espécies nos diferentes posicionamentos do herbicida, exceto para I. grandifolia na condição de aplicação em palha úmida, seguido de período seco. Observou-se, ainda, que o herbicida promoveu controle eficaz em pós-emergência e em pré-emergência, mesmo sem ocorrência de chuva após a aplicação. No segundo experimento, constatou-se controle excelente (>96% de I. grandifolia nos os períodos sem chuva de até 7 DAA; nos demais períodos, tal controle foi insatisfatório. Para S. rhombifolia, observou-se controle excelente para os períodos até 14 dias sem ocorrência de chuvas. Para o período de 28 dias, não se obteve controle satisfatório.Two experiments were carried out under greenhouse conditions to evaluate the efficacy of the metribuzin herbicide associated to Pennisetum americanum mulch in the control of the weeds Ipomoea grandifolia and Sida rhombifolia. The treatments in the first experiment were

  1. Resposta clínico-parasitológica ao tratamento com quinino associado à doxiciclina em casos de malária falciparum não-complicada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leal Osvaldo

    2003-01-01

    Full Text Available A resposta de portadores de malária falciparum, não-complicada, ao tratamento com quinino mais doxiciclina foi pesquisada em ensaio clínico aberto. A maioria dos portadores (76,2%; n=16 apresentaram plasmódios sensíveis e 23,8% (n=5 resistentes. Este esquema terapêutico parece ser ainda boa opção nos casos de malária falciparum não-complicada.

  2. Cultivo hidropônico de bananeiras (Musa sp.) submetidas ao estresse salino: aspectos fisiológicos e bioquímicos

    OpenAIRE

    Camila Pimentel Martins

    2007-01-01

    A salinização dos solos é um dos principais fatores que limita a produtividade mundial. Diversos estudos têm sido realizados para selecionar genótipos mais resistentes. Assim, este trabalho objetivou estudar a fisiologia e a bioquímica das plântulas de bananeira das variedades Maçã e Nanica submetidas ao estresse salino em cultivo hidropônico. 120 plântulas de cada variedade foram fixadas em placas de isopor e colocadas para flutuar sobre 5 litros da solução nutritiva de Hoagland diluída em 1...

  3. RHIZOSPHERE ACTIVITY OF SOIL TREATED WITH HERBICIDE DURING REMEDIATION PROCESS BY Stizolobium aterrimum ATIVIDADE RIZOSFÉRICA DE SOLO TRATADO COM HERBICIDA DURANTE PROCESSO DE REMEDIAÇÃO POR Stizolobium aterrimum

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Barbosa dos Santos

    2009-12-01

    ="pt-BR" align="JUSTIFY">Objetivou-se, com este trabalho, avaliar a atividade da microbiota associada à rizosfera de Stizolobium aterrimum, durante processo de fitorremediação de solo contaminado com o herbicida trifloxysulfuron-sodium. Em vasos com capacidade para seis litros, após aplicação ou não de 7,5 g ha-1 do herbicida trifloxysulfuron-sodium, cultivou-se a espécie vegetal S. aterrimum. Após a semeadura, procedeu-se à coleta de solo rizosférico, quinzenalmente, para determinação da respiração da microbiota do solo (quantidade de CO2 evoluído e carbono da biomassa microbiana (CBM. Para determinação do resíduo do herbicida nas amostras de solo, após a remediação, cultivou-se sorgo (Sorghum bicolor L., como espécie bioindicadora, além de ser efetuada análise por cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE. Observou-se que a microbiota associada à rizosfera de S. aterrimum é sensível ao trifloxysulfuron-sodium, constituindo-se indicador microbiológico de distúrbios causados por este herbicida no ambiente. Quanto ao tempo para remediação, constatou-se que 45 dias de desenvolvimento é tempo suficiente para que S. aterrimum promova a diminuição do resíduo de trifloxysulfuron-sodium a um nível incapaz de causar toxicidade à planta indicadora.

    PALAVRAS-CHAVE: Indicador microbiológico; fitorremediação; biomassa microbiana.

  4. Incompatibilidade física de misturas entre herbicidas e inseticidas Physical incompatibility of herbicide and insecticide mixtures

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    F.A. Petter

    2012-06-01

    Full Text Available Objetivou-se, com este trabalho, avaliar a interação física entre misturas em tanque de diferentes classes de defensivos agrícolas. O experimento foi conduzido no laboratório de Química da Universidade do Estado de Mato Grosso, no período de junho a agosto de 2010. Os tratamentos foram constituídos pelas misturas de seis herbicidas (glyphosate SC, glyphosate WG, lactofen CE, fomesafen SC, haloxifop-R CE e fluazifop-pbutil EW com seis inseticidas (methomyl CS, clorpirifós CE, teflubenzuron SC, triflumuron SC, cipermetrina CE e tiametoxam + lambda-cialotrina SC na ausência e presença de dois redutores de pH (ácido pirolenhoso e ácido bórico, com quatro repetições. Utilizou-se escala de 1 a 5, visando avaliar o grau de incompatibilidade, em que 1 é a separação imediata da mistura e recomenda-se não aplicar e 5 é a homogeneidade das misturas. As maiores incompatibilidades físicas nas misturas de herbicidas e inseticidas foram observadas na presença dos herbicidas glyphosate na formulação WG e lactofen CE. O ácido pirolenhoso e o ácido bórico demonstraram ser boas alternativas, como redutores de pH, no preparo de calda de pulverização com misturas de herbicidas e inseticidas. Devem-se evitar misturas em tanque de glyphosate na formulação SC + clorpirifós CE e lactofen CE + clorpirifós CE.The objective ofthis study was to evaluate the physical interaction between simulated tank mixtures of different classes of pesticides. The experiment was conducted at the Chemistry Laboratory of the University of Mato Grosso, Brazil, from June to August 2010. The treatments consisted of mixtures of six herbicides (glyphosate SC, glyphosate WG, lactofen CE, fomesafen SC, haloxifop-R CE, and fluazifop-p-butyl EW with six types of insecticide (methomyl CS, clorpirifos CE, teflubenzuron SC, triflumuron SC, cipermetrin CE, and tiametoxam + lambda-cialotrin SC in the absence and presence oftwo pH reducers (pyroligneous acid and boric acid

  5. Sensibilidad al benzonidazol de cepas de Trypanosoma cruzi sugiere la circulación de cepas naturalmente resistentes en Colombia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana María Mejía-Jaramillo

    2012-06-01

    Full Text Available Introducción. La enfermedad de Chagas, causada por Trypanosoma cruzi, es uno de los problemas más graves de salud pública en el continente americano. El benzonidazol es uno de los dos medicamentos utilizados para tratar la enfermedad de Chagas. Sin embargo, la variación de la sensibilidad del parásito a este medicamento es una de las principales causas del fracaso del tratamiento. Objetivo. Evaluar la sensibilidad in vitro al benzonidazol de cepas colombianas de T. cruzi de diferentes orígenes y procedencia geográfica. Materiales y métodos. Treinta y tres cepas colombianas de T. cruzi aisladas de humanos, vectores y mamíferos, se analizaron in vitro mediante el micrométodo enzimático de MTT para determinar la concentración inhibitoria 50 (CI50 al benzonidazol. Se estudió la correlación entre la sensibilidad in vitro al medicamento y diferentes parámetros biológicos y eco-epidemiológicos. Resultados. El análisis de sensibilidad al medicamento indicó que el 36 % de las cepas eran sensibles, el 48 %, parcialmente resistentes y, el 16 %, resistentes al benzonidazol. Los análisis de correlación entre las CI50 con algunos parámetros biológicos y eco-epidemiológicos, mostraron diferencias en cuanto a la sensibilidad según el origen biológico y el área geográfica de procedencia de la cepa. Conclusiones. Existe una gran variabilidad en cuanto a la sensibilidad al benzonidazol de las cepas circulantes de T. cruzi en Colombia, lo cual sugiere la presencia de cepas naturalmente resistentes en el país.   doi: http://dx.doi.org/10.7705/biomedica.v32i2.458

  6. Modelo de probabilidad para predecir una neumonía nosocomial por Staphylococcus aureus resistente a meticilina

    OpenAIRE

    Tejero García, Rocio

    2010-01-01

    La neumonía mosocomial, es una de las principales infecciones hospitalarias y la de mayor morbimortalidad. Causada por una gran variedad de microorganismos, aumentando cada vez más los microorganismos multirresistentes como principales causantes, entre ellos, Staphylococcus aureus meticilín resistente. Se pretende con este estudio identificar una serie de factores de riesgo, con los que crear un modelo de probabilidad y unos criterios pronósticos para predecir la neumonía mosocomial por Staph...

  7. Neumonía necrosante por Staphylococcus aureus extrahospitalario resistente a la meticilina:reporte de dos casos en Colombia

    OpenAIRE

    Ana María Perilla; Camilo González; Sandra Liliana Valderrama; Natasha Vanegas; Bibiana Chavarro; Luis Carlos Triana; José Roberto Támara; Carlos Arturo Álvarez

    2009-01-01

    En los últimos años se ha informado la aparición de Staphylococcus aureus resistente a la meticilina como causa de infecciones extrahospitalarias graves. En Colombia, en el 2006, se publicó el primer reporte de S. aureus como causa de infección de piel y tejidos blandos; en esta ocasión, presentamos el primer reporte de neumonía necrosante con etiología por S. aureus, en dos pacientes adultos que se caracterizaron por presentar progresión clínica rápida, estancia prolongada en cuidados intens...

  8. Selección de nuevas variedades de vid resistentes a enfermedades fúngicas, generadas mediante cruzamientos con Monastrell

    OpenAIRE

    García de Rosa, Beatriz; Fuentes Enríguez, Jose Antonio; Egea Gilabert, Catalina; Martinez Cutillas, Adrián; Ruiz García, Leonor

    2014-01-01

    La viticultura y la vinicultura han sido tradicionales desde la antigüedad en Murcia (España), siendo la vid un cultivo de gran importancia económica en esta zona. Sin embargo, las enfermedades causadas por hongos afectan gravemente al rendimiento, el coste y la calidad de la producción de la vid. Estas enfermedades se controlan en la actualidad mediante tratamientos con fungicidas, repetidos durante cada temporada de cultivo. La obtención de nuevas variedades resistentes de al...

  9. Análisis numérico del comportamiento resistente de la patente UPC P200801846

    OpenAIRE

    Palerm Marí, Antonio

    2011-01-01

    Premi al millor Projecte de Fi de Carrera presentat durant l'any 2011 en l'àmbit de Construcció que atorga COPISA El nuevo sistema de unión UPC P200801846 entre el acero y el hormigón, patentado en la Oficina de Patentes de España y en la European Patents Office, está enfocado a mejorar la capacidad resistente por deslizamiento de los forjados mixtos actuales. De él se espera que ofrezca cualidades superiores en cuanto a resistencia rasante en comparación con los sistemas actua...

  10. Denervação simpática renal para o controle da hipertensão arterial resistente

    OpenAIRE

    Collet,Carlos Adolfo; Muñoz,Juan Simon; Sanchez,Oscar; Correa,Roberto; Aguiar,Pedro; Vasquez,Rosalin; Sanchez,Alejandro; Marcano,Hector; Azuaje,Olga; Duran,Maritza; Guerrero,Julio; Attizzani,Guilherme F.; Dávila,Carlos; Tortoledo,Francisco

    2013-01-01

    INTRODUÇÃO: A hipertensão arterial sistêmica afeta mais de 1,2 milhão de pessoas no mundo. Apenas 35% dos pacientes hipertensos têm valores de pressão arterial controlados. Recentemente a denervação simpática renal (DSR) tem demonstrado diminuir significativamente os valores de pressão arterial nos pacientes com hipertensão arterial sistêmica resistente. MÉTODOS: Estudo prospectivo, de braço único, observacional, multicêntrico, incluindo pacientes consecutivos submetidos a DSR. O objetivo pri...

  11. Denervação Renal com Cateter Irrigado em Hipertensos Resistentes: Uma Estratégia Promissora?

    OpenAIRE

    Luciana Armaganijan; Rodolfo Staico; Aline Moraes; Alexandre Abizaid; Dalmo Moreira; Celso Amodeo; Márcio Sousa; Flávio Borelli; Dikran Armaganijan; J. Eduardo Sousa; Amanda Sousa

    2014-01-01

    Fundamento: A hipertensão arterial sistêmica constitui importante problema de saúde pública e significativa causa de mortalidade cardiovascular. A elevada prevalência e as reduzidas taxas de controle tensional despertaram o interesse por estratégias terapêuticas alternativas. A denervação simpática renal percutânea surgiu como perspectiva no tratamento de hipertensos resistentes. Objetivo: Avaliar a factibilidade e a segurança d...

  12. Efeito de herbicidas e fungicidas nas curvas de progresso e quantificação de danos causados pela ferrugem asiática da soja Effect of herbicides and fungicides on progress curves and damage quantification caused by soybean rust

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guy Mitsuyuki Tsumanuma

    2010-07-01

    Full Text Available O fungo Phakopsora pachyrhizi Sydow & Sydow representa grande ameaça à sojicultura nas principais regiões produtoras do mundo, onde significativas perdas foram relatadas. Na quantificação de danos causados, muitas são as variáveis a serem estudadas, como área abaixo da curva de progresso da doença (AACPD, absorção de luz da área foliar sadia (HAA e duração da área foliar sadia (HAD, além das curvas de progresso da doença. Neste trabalho, objetivou-se verificar a influência de diferentes herbicidas e fungicidas no progresso da doença, bem como suas implicações nas variáveis referentes à área foliar sadia e à produtividade da cultura. Os tratamentos testados em duas cultivares ('MG/BR46 Conquista' e 'BRS Valiosa RR' foram: 1. Testemunha; 2. Testemunha com herbicidas; 3. Herbicidas e pyraclostrobin (V4 + pyraclostrobin + epoxiconazole (R2 e R5.1; 4. Herbicidas e pyraclostrobin (V4 + epoxiconazole (R2 e R5.1; e 5. Herbicidas (V4 + pyraclostrobin + epoxiconazole (R2 e R5.1. Os herbicidas utilizados em 'MG/BR-46 Conquista' foram sethoxydim, bentazon e chlorimuron-ethyl, sendo utilizado glyphosate na 'BRS Valiosa RR'. O modelo logístico foi o que melhor se adequou à severidade média das avaliações e à curva de progresso da doença. Para o terço inferior, posição do dossel mais propícia à doença, o modelo logístico com taxa variável foi o que mais se ajustou aos dados. A pulverização de pyraclostrobin + epoxiconazole reduziu a taxa de desenvolvimento de P. pachyrhizi em relação à epoxiconazole. A utilização da mistura influenciou as variáveis AACPD, HAA e HAD, sendo estas consideradas apropriadas para a quantificação dos danos provocados pela ferrugem asiática. Na 'MG/BR-46 Conquista', a ação dos herbicidas afetaram temporariamente a área foliar, atingindo indiretamente as variáveis HAA e HAD.Phakopsora pachyrhizi Sydow & Sydow is the worst threat for soybean crop in the most important growing

  13. Redução da interferência de Brachiaria decumbens na formação de pastagem com Penisetum purpureum através de herbicidas Reduction of Brachiaria decumbens interference on Pennisetum purpureum pasture establishment through herbicides

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    W. Silva

    2002-08-01

    Full Text Available A tolerância da gramínea forrageira capim-elefante a herbicidas aplicados isoladamente ou em misturas entre si, aplicados em condições de pré e pós-emergência da forrageira, bem como a eficiência desses produtos no controle de B. decumbens e outras espécies de plantas daninhas, foram avaliadas em dois experimentos. Os herbicidas aplicados no experimento conduzido em condições de pré-emergência do capim-elefante, com as respectivas doses em kg ha-1, foram: metolachlor (1,152; 2,304; e 3,456, oxyfluorfen (0,48; 0,96 e 1,44 e a formulação comercial de atrazine + metolachlor (1,25; 2,50; e 3,75, três repetições. Os herbicidas aplicados no experimento instalado em condições de pós-emergência da forrageira, com as respectivas doses em kg ha-1,foram: ametryne (1,25; 2,50; e 3,75 e oxyfluorfen (0,48; 0,96; e 1,44, com quatro repetições. Os tratamentos foram distribuídos em blocos ao acaso; sendo que, em ambos os experimentos foram adicionadas as testemunhas (capinada e sem capina, e os cultivares de capim-elefante utilizados em ambos os experimentos foram Cameroon e Pioneiro. A aplicação dos herbicidas em pré-emergência da forrageira foi feita um dia após o plantio com solo úmido; no experimento em pós-emergência do capim-elefante os herbicidas foram aplicados sobre o topo das plantas da cultura forrageira, aos 20 dias após a emergência. Metolachlor e atrazine + metolachlor, em pré-emergência, foram seletivos para os dois cultivares testados. O oxyfluorfen, até 0,96 kg ha-1, foi seletivo para a cultura forrageira nas aplicações tanto em pré- como em pós-emergência. O ametryne, em pós-emergência, também foi seletivo aos cultivares na dose inferior a 2,50 kg ha-1. B. decumbens e B. brizantha foram eficientemente controladas (90,9% em pré-emergência, exceto na menor dose de metolachlor e atrazine + metolachlor. O controle das dicotiledôneas atingiu 85% com metolachlor, atrazine + metolachlor e oxyfluorfen

  14. Características morfofisiológicas de biótipos de Euphorbia heterophylla com resistência a diferentes mecanismos de ação herbicida Morphophysiological characteristics of Euphorbia heterophylla biotypes resistant to different herbicide action mechanisms

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.M Trezzi

    2009-12-01

    Full Text Available A resistência de plantas daninhas aos herbicidas é um dos maiores entraves da agricultura mundial. No Brasil, Euphorbia heterophylla (EPHHL obtém destaque devido ao fato de apresentar resistência a mais de um mecanismo de ação de herbicidas. O presente trabalho foi conduzido com o objetivo de identificar características morfofisiológicas e a adaptabilidade ecológica entre biótipos de Euphorbia heterophylla com resistência múltipla a inibidores da ALS e Protox e com resistência apenas a inibidores da ALS e suscetível, oriundos da região sudoeste do Paraná. O experimento foi desenvolvido em casa de vegetação. O delineamento utilizado foi o completamente casualizado, com quatro repetições. As características morfofisiológicas avaliadas foram: matéria seca de folhas+cotilédones, de raízes, de caule+pecíolos e total, estatura, número de ramificações por planta, área foliar e número de folhas por planta. Nas determinações efetuadas mais tardiamente, plantas do biótipo S apresentaram menores matérias secas de folhas+cotilédones, caules+pecíolos e total. Plantas do biótipo S também apresentaram menores área foliar, número de ramificações e estatura em avaliações mais tardias, comparativamente aos biótipos R a ALS e R a Protox.Weed resistance to herbicides is one of the major barriers to agriculture worldwide. In Brazil, Euphorbia heterophylla (EPHHL is especially known for presenting resistance to more than one herbicide action mechanism. This work was carried out to identify morphophysiological characteristics and ecological adaptability between Euphorbia heterophylla biotypes with multiple resistance to ALS inhibitors and PROTOX, and with resistance only to ALS inhibitors and susceptible from Southwestern Paraná. The experiment was conducted in a greenhouse and arranged in a completely randomized design, with four replications. The morphophysiological characteristics evaluated were: dry matter of leaves

  15. AVALIAÇÃO DO CRESCIMENTO DE RADÍCULAS DE MILHO EXPOSTAS A DIFERENTES CONCENTRAÇÕES DO HERBICIDA 2,4-D

    OpenAIRE

    Isabela Breder Vargas; Rogério de Souza Nóia Júnior; José Augusto de Oliveira David

    2017-01-01

    A utilização de agrotóxicos se faz presente em todo o Brasil, alguns possuem efeitos mutagênicos em células vegetais já provados, e seu uso indiscriminado pode levar a contaminação do solo e da água. Dentre esses produtos químicos, destaca-se os herbicidas que são muito utilizados na agricultura, no qual encontra-se inserido o ácido diclorofenoxiacético ou 2,4-D. O uso deste herbicida é recomendado em culturas de milho, entretanto, ainda são escassos trabalhos na literatura que demonstram seu...

  16. Sistema de autoconstrucción sismorresistente: características resistentes y proceso constructivo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Orta, B.

    2016-06-01

    Full Text Available The dwelling construction with soil, adobe or brick without call for technical advice is very typical in countries in process of development that are in areas of high seismic risk. To give an answer to the problem of earthquake building using these materials, providing simplicity of construction, we have worked for years in the use of the Integral Masonry System (IMS. The IMS is a system that, used combined with native materials, has earthquake resistant properties and its ease of implementation makes it suitable for self-build earthquake-resistant dwellings. This article describes the IMS, develops the constructive process applied to a type of two storey houses, and shows the seismic behaviour by means of the results obtained in the three test campaigns. The originality of the system lies in the use of a single type of prefabricated trusses, intertwined in the three spatial directions allowing create a dimensional mesh.La autoconstrucción con tierra, adobe o ladrillo es muy habitual en los países en vías de desarrollo que están en zonas de alto riesgo sísmico. Ante la necesidad de dar respuesta al problema, aportando sencillez constructiva, hemos trabajado desde hace años en el empleo del Sistema de Albañilería Integral (SAI. El SAI es un sistema que, combinado con materiales autóctonos, aporta resistencia sísmica y su facilidad de ejecución lo hace adecuado para la autoconstrucción de viviendas antisísmicas. Este artículo describe el SAI, desarrolla el proceso constructivo aplicado a una vivienda tipo de dos alturas y muestra su comportamiento sismo-resistente mediante los resultados obtenidos en tres campañas de ensayos. La originalidad del sistema radica en el empleo de un solo tipo de armaduras prefabricadas en forma de cercha que se entrelazan entre si en las tres direcciones del espacio permitiendo crear una malla tridimensional.

  17. Aislamiento de Staphylococcus aureus meticilino resistente en abscesos de mama en una Maternidad Pública

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristina Boccaccio

    2014-06-01

    Full Text Available La mastitis y los abscesos de mama representan un factor de riesgo para el abandono de la lactancia. Se incluyen dentro de las infecciones de piel y partes blandas y comparten los cambios epidemiológicos que llevan a replantear el tratamiento empírico inicial. Se estudiaron 137 casos de abscesos de mama desde enero de 2007 a diciembre de 2011. Se analizó incidencia, días postparto, factores de riesgo, datos microbiológicos y tratamiento antibiótico. Desde 2007a 2011 se observó un constante aumento de la incidencia de casos: 0.19 vs. 0.84% (p < 0.001. Días postparto de aparición del absceso 41.9 ± 35.8 días (Media ± DE, primiparidad 70.6%. Los factores de riesgo más frecuentemente encontrados fueron grietas del pezón e ingurgitación mamaria (95%. Staphylococcus aureus (SA fue el responsable de 82.3 a 95.0% de los abscesos según los años; la resistencia a oxacilina de las cepas de SA superó el 60%. Las cepas aisladas de SA meticilino resistentes (SAMR fueron sensibles a eritromicina clindamicina, gentamicina, rifampicina, ciprofloxacina y trimetroprima-sulfametoxasol en diferentes porcentajes según los años. Requirieron drenaje el 100% de los casos; en 60% el tratamiento empírico inicial fue inadecuado. Continuaron amamantando 90% de las madres. Estos datos enfatizan la necesidad de prevenir los factores de riesgo: grietas del pezón e ingurgitación mamaria. La modificación del tratamiento antibiótico inicial requiere el estudio bacteriológico de las infecciones de piel y partes blandas dado que la prevalencia de SAMR no es uniforme y varía en diferentes poblaciones y ubicaciones geográficas.

  18. Estudio fisiológico y genético de biotipos de Lolium perenne L. resistentes a glifosato

    OpenAIRE

    Yanniccari, Marcos

    2014-01-01

    En este trabajo se pretende dar respuesta a ciertas cuestiones que permitan aportar conocimientos de impacto para la actividad productiva, en tanto se buscará responder: ¿El deficiente control de Lolium perenne con glifosato en el sur bonaerense es un caso de resistencia? ¿Cómo afecta el glifosato a los procesos fisiológicos de biotipos presumiblemente resistentes y susceptibles hasta conducir a la muerte de la planta? ¿Por qué las plantas resistentes tolerarían al glifosato? ¿Cuál ...

  19. Estudio metabólico y molecular de cultivos bacterianos degradadores de hidrocarburos aromáticos policíclicos (PAH) y resistentes a metales pesados

    OpenAIRE

    Cecotti, Martina; Morelli, Irma Susana; Coppotelli, Bibiana

    2015-01-01

    La contaminación mixta con PAH y metales pesados conlleva dificultades debido a la potencial toxicidad del metal, limitando la supervivencia solo a los microorganismos que toleren ambos contaminantes. El estudio de cepas degradadoras de PAH y resistentes a metales pesados promete proporcionar herramientas claves para el proceso de biorremediación. Este trabajo tuvo como objetivos la selección, identificación y caracterización de cepas degradadoras de PAH y resistentes a metales pesados aislad...

  20. Avaliação de herbicidas no controle de plantas daninhas na cultura da soja Evaluation of herbicides in the control of weeds in the soybean crop

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.C. De Barros

    1992-01-01

    Full Text Available Foi conduzido em Serranópolis, GO, um ensaio objetivando avaliar a eficiência e a seletividade de herbicidas no controle de plantas daninhas na cultura da soja (Glycine max (L. Merril, utilizando-se os seguintes tratamentos: A 100 g/ha de imazethapyr (ácido 2-[4,5-dihidro-4-metil-4(1-metiletil-5-oxo-1H-imidazol-2-ilo]-5-etil-3-piridinacarboxilico + surfactante, a 0,25% v/v; B tratamento A e 15 dias após, 230 g/ha de sethoxydim (2-1-etoximino-butil-5-2(etiltio-propil-3-hidroxi-2-ciclohexeno-1-ona + óleo mineral, a 0,25% v/v; C 230 g/ha de sethoxydim + óleo mineral, a 0,25% v/v; D 480 + 200 + 230 g/ha de bentazon (3-isopropil-2,1,3-benzotiadiazinona-(4-2,2-dióxido + fomesafen (5-2-cloro-4-(trifluorometil-fenoxiN-metilsulfonil-2-nitrobenzamida + sethoxydim + óleo mineral, 0,25% v/v; E 150 g/ha de imazaquim (2-[4,5-dihidro-4-metil-4-(1-metiletil-5-oxo-1H-imidazol-2-ilo]-3-quinolinacarboxílico pré-e e 230 g/ha de sethoxydim + óleo mineral, 0,25% v/v; F 250 g/ha de fomesafen + 187 g/ha de fluazipop-p-butil (butil-(R-2-(4-(5-trifluorometil-2-piridiloxi-fenoxi-propionato + surfactante a 0,2% v/v; G 120 g/ha de imazethapyr + surfactante a 0,2% v/v; H testemunha capinada; I testemunha não capinada. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso, com quatro repetições. O capim-custódio (Pennisetum setosum (Swartz L. Rich foi eficientemente controlado por todos os tratamentos químicos, enquanto a falsa-serralha (Emilia sonchifolia DC. foi somente pelo tratamento D. O capim-carrapicho (Cenchrus echinatus L. por C, D, E e F. O joá-de-capote (Nicandra physaloides (L. Pers. por D.F. e G. Ocorreram injúrias iniciais às plantas de soja, nos tratamentos D, E. e F. As alturas de plantas e de inserção da primeira vagem, além do rendimento de grãos, não foram influenciados significativamente pelos herbicidas.An experiment was carried out in Serranópolis, State of Goiás, Brazil, aiming to evaluate herbicides efficiency in weeds control

  1. Staphylococcus aureus resistente a meticilina adquirido en la comunidad aislados en tres hospitales de Lima-Perú

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jesús Tamariz

    2010-01-01

    Full Text Available Staphylococcus aureus es un importante patógeno involucrado en una serie de infecciones e intoxicaciones, presenta múltiples factores de virulencia y su impacto se incrementa por su notable resistencia a los antimicrobianos. Objetivo: Determinar la frecuencia de Staphylococcus aureus meticilino resistente adquiridos en la comunidad, en hospitales de Lima- Perú. Material y métodos: Se realizó un estudio descriptivo multicéntrico. La resistencia a meticilina se determinó por el método Oxacillin Agar Screen. El origen de la cepa fue determinado mediante los criterios de los CDC; la Leucocidina de Panton Valentine fue identificada por métodos moleculares. Resultados: Se aislaron 276 cepas de Staphylococcus aureus, 160 fueron resistentes a meticilina (58%, 9 de ellas fueron identificadas como adquiridas en la comunidad (5,6%. La PVL fue identificada en 25 cepas (9,1%, 14 fueron MSSA y 11 MRSA, de éstas últimas solo 4 fueron MRSAcom, 7 fueron MRSAhosp (p<0,001. Conclusiones: El estudio revela niveles elevados de resistencia a meticilina, pero niveles bajos de MRSAcom. En nuestro medio la presencia de PVL no constituiría un marcador para la identificación de los MRSAcom. (Rev Med Hered 2010;21:4-10.

  2. Momento da chuva após a aplicação e a eficácia dos herbicidas sulfosate e glyphosate aplicados em diferentes formulações Rainfastness and glyphosate and sulfosate efficacy using different formulations

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.F.F. Pedrinho Júnior

    2002-04-01

    Full Text Available Com o objetivo de estudar a influência da chuva sobre o desempenho dos herbicidas sulfosate e glyphosate em diferentes formulações, foram conduzidos dois experimentos, um no inverno de 2000 e outro no verão de 2001, na Fazenda Experimental de Ensino e Pesquisa da Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Campus de Jaboticabal-SP. Os experimentos foram instalados segundo o delineamento experimental de blocos ao acaso, com quatro repetições, no arranjo fatorial de 4x5+1, ou seja, quatro tratamentos de herbicidas, cinco períodos sem chuva após a aplicação e uma testemunha, que não recebeu chuva. As formulações de glyphosate foram: SAqC (1,0 L ha-1, GrDA (0,5 kg ha-1, SAqC Transorb (0,75 L ha-1, mais o sulfosate SAqC (1,09 L ha¹. Os períodos sem chuva após a aplicação foram de 1, 2, 4, 6 e > 48 horas. Os herbicidas foram aplicados em pós-emergência das plantas daninhas, utilizando-se de um pulverizador costal, à pressão constante (mantida por ar comprimido de 30 lbf pol-2. A chuva foi simulada com um sistema de irrigação por aspersão. A lâmina de água variou entre 18 e 19 mm. Em ambas as épocas, a chuva simulada foi prejudicial à ação dos herbicidas, principalmente quando feita nos menores intervalos após a aplicação. Os sintomas de fitointoxicação apareceram mais rapidamente no verão. A formulação Transorb, comercializada como não sendo afetada pela chuva uma hora após a aplicação, não teve o desempenho esperado, tanto no inverno quanto no verão, para períodos de até seis horas sem chuva após a aplicação. O sulfosate apresentou o melhor controle geral das plantas avaliadas, quando se simulou chuva após seis horas, em ambas as épocas. A formulação GrDA foi a mais afetada pela ação da chuva em ambas as épocas.Two field assays were carried out to evaluate the rainfall effects on sulfosate and glyphosate herbicide activity, using different formulations, under two growing seasons (winter

  3. Effect of soil interacting herbicides on soybean nodulation in Balcarce, Argentina Efeito de alguns herbicidas que interagem com o solo, sobre a nodulação da soja em Balcarce, Argentina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Norma Gonzalez

    1999-07-01

    ,96, imazaquin (0,20, imazathapyr (0,10 e chlorimuron ethyl (0,0125. As misturas foram metribuzin+acetochlor (0,48+0,9, flumioxazin+acetochlor (0,075+0,9, imazaquin+acetochlor (0,2+0,9, metribuzin+metolachlor (0,48+1,92, e flumioxazin+metolachlor (0,075+1,92. Incluiu-se um controle sem herbicidas. Os experimentos foram conduzidos no delineamento em blocos completos ao acaso, com quatro repetições. Usou-se um solo Paleudol petrocálcico, franco, ilítico, térmico, com matéria orgânica 5,7%, argila 25%, e CTC 30,4 cmol kg-1. Os nódulos foram amostrados em V2 (segundo nó, V6 (sexto nó e R5 (começo de semente. Os herbicidas não alteraram o início da nodulação nem o número ou peso dos nódulos em R5, e também não houve efeito no rendimento de grãos, o que sugere que não há interferência entre eles e fixação de N nos solos francos com alto conteúdo de matéria orgânica do sudeste de Buenos Aires. Por outro lado, evidenciou-se uma tendência à formação de menos nódulos e menor peso dos nódulos, nos dois últimos níveis de crescimento.

  4. Resistência do Plasmodium falciparum ao fansidar, quinina e tetraciclina Resistance of Plasmodium falciparum to fansidar, quinine and tetracycline

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Hélio Alencar

    1982-10-01

    Full Text Available Descreve-se pela primeira vez uma cêpa amazônica de Plasmodium falciparum resistente ao Fansidar (pirimetamina mais sulfadoxina e quinino mais tetraciclina simultaneamente. O paciente, com 13 anos de idade, residia há cinco anos em Ariquemes, Estado de Rondônia, na Amazônia brasileira. A infecção foi curada com dose elevada de cloroquina administrada em dose única intravenosa (IV. É evidenciado o alto valor da cloroquina na cura da malária falciparum resistente, quando administrada em doses maiores que as usadas nos esquemas convencionais de tratamento.For the first time an Amazonian strain of Plasmodium falciparum resistant to FansidarR (pyrimethamine + sulfadoxine and quinine + tetracycline, taken sequentially is described. This case involves a female patient 13 years old, living for five years in Ariquemes County, State of Rondônia, in the Brazilian Amazon. The infection was cured with a single high dose of chloroquine administered intravenously. The authors point out the high valor of chloroquine in treating falciparum-resistant malaria, especially when given in higher doses than the standard one used for malaria therapy.

  5. Variations in weed population densities, rate of change and community diversity in RR-soybeans and RR-maize strip crops under two herbicide strategies Ação de herbicidas sobre as plantas daninhas na soja e milho RR em plantio consorciado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    E.S. Leguizamón

    2012-12-01

    Full Text Available Concerns about the sustainability of large-scale, direct-drilled RR-soybeans (Glycine max, and RR-maize (Zea mays under monoculture in central Argentina are growing steadily. An experiment was conducted during three consecutive years to determine the effects of crops and systems (monocultures and strips and herbicide strategy on weed density, population rate of change (l, b community diversity (H´, crop yields and Land Equivalent Ratio (LER. Not only crops but also crop systems differentially influenced weed densities along their growth and development. For crop harvests, weed densities increased in both maize crop systems as compared to in the one for soybeans, but the lowest increase occurred in soybean strips. Differences were leveled by both herbicide strategies, which achieved 73% efficacy during the critical periods in both crops. l of annual monocotyledonous increased, thus shifting the weed community composition. Species richness and H´ were not affected by crop systems, but both herbicide strategies, particularly POST, either in soybeans in monoculture or in maize strips, significantly enhanced H´. Crop yields significantly increased in the maize-strip system with POST (Year 1 or PRE (Years 2 and 3 strategies, thus increasing LER above 1. Herbicide Environmental Load treatments fall within very low or low field use rating.A preocupação com a sustentabilidade do plantio direto da monocultura e do consórcio de soja e milho RR plantados em grande escala na região central da Argentina cresce continuamente. Durante três anos consecutivos, foram determinados os efeitos das culturas de soja e de milho RR, dos sistemas de plantio (monoculturas e consorciado, e a ação de herbicidas sobre a densidade de plantas daninhas, a taxa de mudança da população, a diversidade da comunidade, as safras e a razão de área equivalente. Não apenas as culturas, mas também os sistemas de plantio, influenciaram as densidades de plantas daninhas ao

  6. Semeadura direta de forrageiras de estação fria em campo natural submetido à aplicação de herbicidas: II. Composição botânica No-till seeding of cold season forage on native pasture under herbicides application: II. Botanical composition

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Enrique Pérez Gomar

    2004-06-01

    Full Text Available A semeadura direta de espécies forrageiras de estação fria permite reduzir a marcada estacionalidade da sua produção em campos naturais. Durante quatro anos, conduziu-se um experimento de aplicação de herbicidas sobre campo nativo, em um solo Argissolo Vermelho-Amarelo, de textura arenosa do norte do Uruguai visando introduzir forrageiras de estação fria e estudar o impacto dos herbicidas na composição botânica de espécies estivais. Foram testadas doses de herbicidas (glifosate 1L ha-1, glifosate 4L ha-1, paraquat 3L ha-1 e testemunha, como tratamento principal, aplicadas no ano 1994, em um delineamento blocos ao acaso. A repetição ou não das mesmas doses no ano 1995 constituiu a subparcela e a aplicação ou não das mesmas doses no ano de 1996 constituiu a sub-subparcela. No levantamento de espécies da vegetação existentes no outono de 1998, observou-se que o maior distúrbio sobre a composição botânica do campo nativo foi provocado com a aplicação continuada da dose de 4L ha-1 de glifosate, onde foram identificadas seis espécies. No levantamento de espécies existentes no tratamento testemunha, no outono, foram identificadas onze espécies, sendo que as espécies Andropogon lateralis, Paspalum notatum, Conyza bonariensis, Eryngium horridum, Desmodium incanum, Cyperus sp. e Digitaria sp. constituiram 90% da composição botânica. Com a aplicação de herbicida, ocorreu uma substituição de espécies perenes por anuais.No-till seeding of winter species may reduce seasonal fluctuations of forage production of natural grasslands. An experiment of herbicide application on native grasses was conducted for four years, on a fine-loamy, mixed Mollic Hapludalf in northern of Uruguay to introduce winter forage and study the impact of herbicide on botanical composition of grass field. The experimental design was split-splitplot with three randomized blocks, with types and dosis of herbicides (gliphosate 1L ha-1, gliphosate 4L

  7. Successful therapeutic response of resistant cases of mucocutaneous leishmaniasis to a very low dose of antimony Resposta terapêutica bem sucedida de casos resistentes de leishmaniose mucocutânea a doses muito baixas de antimônio

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manoel Paes de Oliveira-Neto

    2006-08-01

    Full Text Available Two mucocutaneous leishmaniasis cases resistant to therapy are reported here. After the failure of initial therapies (antimony, amphotericin B and/or pentamidine patients received a low-dose schedule: one ampoule of meglumine antimoniate (405mg of pentavalent antimony [Sb v] by intramuscular injection, three times a week until complete healing of the lesions. One patient was cured with a total of 30 ampoules in 10 weeks and the other received 36 ampoules in 12 weeks. Both remain clinically cured after one year of follow-up.São relatados dois casos de leishmaniose mucocutânea resistentes ao tratamento. Depois das terapêuticas iniciais (antimônio, anfotericina B e/ou pentamidina, os pacientes receberam um esquema alternativo: uma ampola de antimoniato de meglumina (405mg de antimônio pentavalnte [Sb v] por via intramuscular, três vezes por semana até a cura completa das lesões. Um paciente recebeu um total de 30 ampolas durante 10 semanas e o outro, 36 ampolas durante 12 semanas. Ambos permanecem clinicamente curados até um ano após o tratamento.

  8. Efeito de fatores ambientais sobre a seletividade do alachlor ao algodoeiro Effect of environmental factors on the selectivity of alachlor to cotton

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    S.C. Guimarães

    2007-12-01

    Full Text Available Cotonicultores do cerrado, receosos da ocorrência de fitotoxicidade, têm utilizado o herbicida alachlor em dosagens inferiores à mínima recomendada na bula, com baixo efeito residual. Com o objetivo de estudar fatores relacionados à seletividade do alachlor ao algodoeiro, foram realizados dois experimentos. No primeiro, em caixas de germinação com substrato areia, foi estudado o herbicida alachlor em dois níveis (sem alachlor e na dose de 96 µg kg-1 de substrato, em ambientes compostos pela combinação das temperaturas de 20, 25, 30 e 35 ºC com três níveis de umidade no substrato (40, 60 e 80% da capacidade de retenção de água. A avaliação foi realizada aos 10 dias. As condições do ambiente influenciaram o crescimento das plântulas, mas essa resposta foi reduzida ou anulada na presença do alachlor; quanto mais favoráveis as condições, proporcionalmente maiores foram as reduções. O herbicida reduziu características da parte aérea e, em maior intensidade, o comprimento das raízes. No segundo ensaio, em vasos com solo, foram estudados três tratamentos de irrigação (23, 34 e 45 mm após aplicação de dois níveis de alachlor (0 e 2,88 kg ha-1. A avaliação foi realizada aos 21 dias. Maiores níveis de irrigação causaram redução na matéria fresca e seca das raízes. O alachlor reduziu todas as variáveis medidas na parte aérea das plantas, mas, de modo geral, esse efeito foi de baixa intensidade e ocorreu de maneira semelhante nos níveis de irrigação. A independência dos efeitos entre alachlor e irrigação não corroboraram a premissa de que maiores níveis de água aumentariam a lixiviação do herbicida e a fitotoxicidade ao algodoeiro.Brazilian savanna cotton growers in fear of phytotoxicity have been using the herbicide alachlor below the minimum dosage recommended by the manufacturer, with low residual activity. Two experiments were carried out to study factors related to alachlor selectivity to

  9. Bioassay for detection of transgenic soybean seeds tolerant to glyphosate Bioensaio para detecção de sementes de soja transgênicas tolerantes ao glifosato

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Carlos Torres

    2003-09-01

    Full Text Available Glyphosate is a systemic, nonselective, postemergence herbicide that inhibits growth of both weeds and crop plants. Once inside the plant, glyphosate interferes with biosynthesis of aromatic amino acids phenylalanine, tyrosine, and tryptophan, by inhibiting the activity of 5enolpyruvylshikimate-3-phosphate synthase (EPSPS, a key enzyme of the shikimate pathway. The objective of this work was to develop a simple, effective and inexpensible method for identification of transgenic soybean tolerant to glyphosate. This technique consisted in germinating soybean seeds in filter paper moistened with 100 to 200 muM of glyphosate. Transgenic soybean seeds tolerant to glyphosate germinated normally in this solution and, between 7 and 10 days, started to develop a primary root system. However non-transgenic seeds stopped primary root growth and emission of secondary roots.Glifosato é um herbicida sistêmico, não seletivo, aplicado em pósemergência que inibe o crescimento de plantas daninhas e cultivadas. Uma vez na planta esse herbicida interfere com a biossíntese de aminoácidos aromáticos (fenilalanina, tirosina e triptofano mediante inibição da atividade da enzima 5-enolpiruvilshiquimato-3-fosfato sintase (EPSPS, enzima-chave na rota do shiquimato. O objetivo deste trabalho foi desenvolver um método simples, barato e efetivo para o rastreamento de soja transgênica com tolerância ao glifosato. Este sistema consistiu em usar papel de filtro umedecido com solução de 100 a 200 miM do herbicida glifosato como substrato de germinação de sementes de soja. Sementes transgênicas de soja tolerantes ao glifosato germinaram normalmente nessa solução e, entre 7 e 10 dias, desenvolveram um sistema radicular normal, enquanto nas sementes de soja não-transgênicas ocorreram paralisações do crescimento da raiz primária e da emissão de raízes secundárias.

  10. Retinosquise juvenil ligada ao X

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cesar Gomes da Silveira

    2015-08-01

    Full Text Available RESUMO Relatar o caso de um paciente masculino de 28 anos que foi encaminhado ao Centro de Estudos e Pesquisas Oculistas Associados (RJ para avaliação de retina e apresentou os achados típicos de retinosquise juvenil ligada ao cromossomo X: maculopatia cistóide com formação de cistos na fóvea e retinosquise periférica. Foi realizado o manejo conservador, com atenção para as complicações.

  11. Seletividade de coroa-de-cristo (Euphorbia splendens a diferentes classes de herbicidas para manejo de plantas daninhas em jardinagem.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cleber D. de G. Maciel

    2005-06-01

    Full Text Available Com objetivo de avaliar a seletividade da coroa-de-cristo (Euphorbia splendes para diferentes classes de herbicidas, três experimentos foram realizados, em condições de campo, na Fazenda Modelo da ESAPP/SP (2001/2002. Os tratamentos do Experimento 1 foram (em e.a. ou i.a.: glyphosate (1,44 kg.ha-1; sulfosate (1,44kg.ha-1; amônio-glufosinato (0,48 kg.ha-1; paraquat (0,60 kg.ha-1; glyphosate + flumioxazin (1,44 + 0,06 kg.ha-1; glyphosate + carfentrazone-ethyl (1,44 + 0,06 kg.ha-1 e testemunha. No Experimento 2:carfentrazone-ethyl (0,12 kg.ha-1; 2,4-D (1,30 kg.ha-1; isoxaflutole (0,06 kg.ha-1; nicosulfuron (0,06 kg.ha-1; metsulfuron-methyl (0,0024 kg.ha-1; lactofen (0,180 kg.ha-1; chlorimuron-ethyl (0,02 kg.ha-1; bentazon (1,25 kg.ha-1 e testemunha. No Experimento 3 foram testados: fluazifop-p-butyl (0,25 kg.ha-1; sethoxydim (1,25 kg.ha-1; haloxyfop-methyl (0,06 kg.ha-1; clethodim + fenoxaprop-p-ethyl (0,11 kg.ha-1; quizalofop-p-ethyl (0,10 kg.ha-1; clethodim (0,12 kg.ha-1; propaquizafop (0,12 kg.ha-1; tepraloxydim (0,40 kg.ha-1; butroxydim (0,10 kg.ha-1 e testemunha. No Experimento 1, nenhum tratamento foi seletivo, causando danos visíveis de fitointoxicação a partir dos 7 dias após aplicação. No Experimento 2, apenas o metsulfuron-methyl apresentou seletividade à coroa-de-cristo, para as folhas e inflorescências; sendo o isoxaflutole, nicosulfuron, chlorimuron-ethyl e bentazon impróprios apenas no que diz respeito à preservação de flores. No Experimento 3, todos os tratamentos indicaram seletividade à coroa-de-cristo, observando-se apenas injúrias às flores para os herbicidas fluazifop-p-butil e sethoxydim e propaquizafop.

  12. Seletividade de herbicidas pré-emergentes para gramíneas forrageiras tropicais Selectivity of pre-emergence herbicides to tropical grass forage

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    E. Alves

    2002-12-01

    Full Text Available Este trabalho constou de quatro estudos que foram realizados em casa de vegetação, nos quais se avaliou a seletividade de diferentes herbicidas, aplicados em pré-emergência, sobre algumas gramíneas forrageiras tropicais: Brachiaria decumbens, Brachiaria brizantha cv. Marandu e Panicum maximum cultivares Tanzânia e Mombaça. Os herbicidas e as doses utilizadas, em g ha-1, para cada estudo foram: alachlor - 1.680 e 3.360, metolachlor - 1.200 e 2.400, diuron - 800 e 1.600, imazaquin - 75 e 150, imazapyr - 250 e 500, imazethapyr - 50 e 100, clomazone - 450 e 900, flumetsulam - 70 e 140, ametryn - 625 e 1.250, metribuzin - 525 e 1.050 e trifluralin - 900 e 1.800, além de uma testemunha sem aplicação de herbicidas. Utilizou-se o delineamento experimental inteiramente casualizado, com seis repetições. O consumo de calda de aplicação foi de 180 L ha-1,e a barra de aplicação continha quatro bicos de jato plano tipo 'Teejet' 110.02, espaçados de 0,50 m. Avaliou-se visualmente a intoxicação das plantas através de uma escala percentual de notas e, no final dos estudos, a altura e o peso de matéria seca de plantas. Para P. maximum cv. Mombaça, apenas os herbicidas imazaquin (75 g ha-1, imazethapyr e flumetsulam, em ambas as doses testadas, foram seletivos. Para P. maximum cv. Tanzânia, nenhum dos herbicidas testados foi totalmente seletivo. Em relação a B. decumbens, os herbicidas imazaquin e imazethapyr, em ambas as doses, e ametryn (625 g ha¹ foram seletivos. No caso de B. brizantha, os herbicidas diuron (800 g ha¹, ametryn, imazaquin, imazethapyr e flumetsulam, em ambas as doses, apresentaram-se seletivos.This research comprised four experiments carried out under greenhouse conditions to evaluate the selectivity of herbicides, applied in pre-emergence conditions, on the following tropical grass forages: Brachiaria decumbens, Brachiaria brizantha cv. Marandu, Panicum maximum cv. Tanzânia and Mombaça. The herbicides and rates (g

  13. Seleção de acessos de tomateiro resistentes à pinta-preta pela análise de agrupamento das curvas de progresso da doença

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruno Soares Laurindo

    2015-02-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi selecionar acessos resistentes à pinta-preta (Alternaria tomatophila por meio da análise de agrupamento das curvas de progresso da doença em tomateiro (Solanum lycopersicum. Foram avaliados 134 acessos de tomateiro do Banco de Germoplasma de Hortaliças da Universidade Federal de Viçosa (BGH-UFV, no delineamento de blocos ao acaso, além das testemunhas suscetíveis 'Débora' e 'Santa Clara'. As plantas foram inoculadas com uma mistura de conídios de diferentes isolados de Alternaria spp. e avaliadas regularmente quanto à severidade da doença a cada três dias após a inoculação, no total de seis avaliações. Ajustou-se o modelo logístico aos dados de severidade da pinta-preta, e as estimativas obtidas para a incidência final da doença (B1 e a taxa de progresso da doença (B3 foram submetidas à análise de variância multivariada (Manova. As médias dessas estimativas, para cada acesso, foram submetidas à análise de agrupamento. Foram formados 24 grupos distintos com base no agrupamento das curvas de progresso da doença, o que possibilitou identificar os acessos BGH-2143, BGH-2235, BGH-2270 e BGH-2118 de tomateiro como potenciais fontes de resistência à pinta-preta.

  14. Frecuencia de aislamiento de Staphylococcus spp meticilina resistentes y Enterococcus spp vancomicina resistentes en hospitales de Cuba Frequency of methicilline-resistant Staphylococcus spp and vancomycin-resistant Enterococcus spp isolates in Cuban hospitals

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonora González Mesa

    2005-12-01

    Full Text Available La resistencia a meticilina en el género Staphylococcus spp es un problema creciente en el ámbito mundial. La producción de una PBP alterada (PBP2a con baja afinidad a betalactámicos, mediada por el gen mec A, es la responsable de esta resistencia. Mientras que los Staphylococcus spp todavía permanecen sensibles a vancomicina, algunos Enterococcus spp han adquirido la capacidad de neutralizar esta droga. En nuestro país no se conocen datos actualizados sobre la tasa de infección por S. aureus meticilina resistente (SAMR, ni sobre la circulación de este germen en la comunidad, tampoco existen reportes de Enterococcus spp vancomicina resistente (EVR. En este estudio fueron analizadas 774 cepas, colectadas en hospitales del país. Se determinó el mecanismo de resistencia utilizando métodos sugeridos por las guías NCCLS. El 9.3 % (23 de los S. aureus aislados en los hospitales y 4.0% (7 S. aureus aislados en la comunidad, fueron SAMR, portadores del gen mec A, el 69.9 % (72 de Staphylococcus coagulasa negativo, fueron resistentes a oxacilina. En la detección del Enterococcus spp vancomicina resistente (EVR, se encontró una cepa portadora de este fenotipo. Nuestros resultados revelan que en nuestro país los SAMR no son un problema en los hospitales, ni en el ambiente comunitario, a pesar de que se reporta por primera vez la circulación de estos en la comunidad y la circulación de EVR en el ambiente hospitalario, su frecuencia es muy baja lo que refleja los avances obtenidos en la aplicación de políticas encaminadas a racionalizar el uso y consumo de antibióticos.Resistance to methicilline in Staphylococcus spp genus is a growing problem worldwide. The production of an altered penicillin-fixing protein with low mecA gen-mediated affinity to beta-lactams is responsible for this resistance. Although Staphylococcus spp still remain susceptible to vancomycin, some Enterococcus spp have acquired the capacity of neutralizing this drug. In

  15. Prevalencia y características de los pacientes con hipertensión arterial resistente y enfermedad renal crónica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Úrsula Verdalles

    2016-09-01

    Conclusión: La prevalencia de HTA resistente aumenta con la edad, el grado de ERC y la albuminuria. Estrategias como el tratamiento con antagonistas de receptores de aldosterona se asocian con un mejor control tensional en este grupo de pacientes y disminuyen su prevalencia.

  16. Beheersing resistente melganzevoet : beheersing van melganzevoet (Chenopodium album) die minder gevoelig is voor de herbiciden met de werkzame stoffen metamitron en metribuzin

    NARCIS (Netherlands)

    Hoek, H.; Wijnholds, K.H.

    2013-01-01

    In opdracht van het Productschap Akkerbouw heeft het PPO-AGV in 2010 en 2011 onderzoek gedaan naar mogelijkheden tot bestrijding van resistente melganzevoet (Chenopodium album) in aardappelen en suikerbieten. In aardappelen leidt de toevoeging van een linuron bevattend middel aan Sencor niet tot een

  17. Resposta fisiológica de sementes de palmeiras ao envelhecimento acelerado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Negreiros Gisele de Freitas

    2004-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a qualidade fisiológica de sementes de quatro espécies da família Palmae submetidas ao envelhecimento acelerado. Sementes recém-colhidas de cada uma das espécies foram expostas às condições de envelhecimento acelerado em câmara a 45ºC e 100% de UR, durante os períodos de 0 (controle, 12, 24, 36 e 48 horas. Sementes de Euterpe edulis e Dypsis lutescens foram sensíveis ao tratamento, sendo a germinação totalmente suprimida após 12 horas de permanência na câmara. As espécies Roystonea oleracea e Phoenix reclinata apresentaram sementes mais resistentes que as outras espécies, mas redução gradativa do vigor, de acordo com o aumento do período de exposição às condições de envelhecimento; o período de 48 horas foi crítico para determinados parâmetros de vigor avaliados.

  18. MEMS AO for Planet Finding

    Science.gov (United States)

    Rao, Shanti; Wallace, J. Kent; Shao, Mike; Schmidtlin, Edouard; Levine, B. Martin; Samuele, Rocco; Lane, Benjamin; Chakrabarti, Supriya; Cook, Timothy; Hicks, Brian; hide

    2008-01-01

    This slide presentation reviews a method for planet finding using microelectromechanical systems (MEMS) Adaptive Optics (AO). The use of a deformable mirror (DM) is described as a part of the instrument that was designed with a nulling interferometer. The strategy that is used is described in detail.

  19. Avances recientes en métodos moleculares para el diagnóstico precoz y tuberculosis resistente al tratamiento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manzour Hernando Hazbón

    2004-06-01

    Full Text Available La tuberculosis sigue siendo la principal causa de mortalidad por un agente infeccioso a escala mundial. Debido al metabolismo lento de su agente etiológico, Mycobacterium tuberculosis, el aislamiento, la identificación y las pruebas de susceptibilidad tardan varias semanas. Nuevas técnicas moleculares desarrolladas ofrecen mejorías en la especificidad, el tiempo para la obtención de resultados y su costo-efectividad. Estas pruebas producen resultados en pocas horas a partir de la toma de muestra, pero su relevancia clínica requiere aún ser evaluada rigurosamente en la mayoría de los casos. En esta revisión se discuten las ventajas y las desventajas de las pruebas moleculares más promisorias desarrolladas para el diagnóstico de la tuberculosis y la tuberculosis resistente a medicamentos.

  20. Arquitectura sismo-resistente. Un nuevo enfoque para la solución integral del problema sísmico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giuliani,, Hugo

    1987-02-01

    Full Text Available This work only pretend to state in general terms the reasons, foundations, objectives, action fields, basical principles and compatibilization rules of the Structural Design with the Architectural Design that have allowed us to draw an approach on Seismo-Resistant Architecture and that in the future will allow its study and scientific development.

    El presente trabajo, sólo pretende la formulación en términos generales de las razones, fundamentos, objetivos, campos de acción, principios básicos y pautas de compatibilización del Diseño Estructural con el Diseño Arquitectónico que nos han permitido plantear una Arquitectura Sismo-Resistente y que permitirá en el futuro su profundización y el desarrollo científico de la misma.

  1. Seleção de clones de batata-doce resistentes a Meloidogyne incognita raça 1 Selection of sweetpotato clones resistant to Meloidogyne incognita race 1

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Marchese

    2010-09-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi selecionar clones de batata-doce (Ipomoea batatas resistentes à raça 1 de Meloidogyne incognita e avaliar a eficiência do método de seleção empregado, pela estimação dos coeficientes de variação genética e ambiental e das herdabilidades no sentido amplo. Foram utilizados 123 genótipos de batata-doce, entre os quais quatro cultivares comerciais - Brazlândia Rosada, Brazlândia Roxa, Brazlândia Branca e Palmas -, e 119 acessos previamente selecionados no programa de melhoramento vegetal da Universidade Federal de Lavras. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos aumentados, com três tratamentos comuns: as cultivares de batata-doce Brazlândia Branca e Palmas, e a cultivar de tomate Santa Clara, suscetível ao nematoide. A classificação dos níveis de resistência foi realizada de acordo com o fator de reprodução do nematoide e o índice de reprodução relativo à cultivar Santa Clara, de tomateiro. A relação entre os coeficientes de variação genética e ambiental e as herdabilidades no sentido amplo foram altas, tanto para o fator de reprodução quanto para o índice de reprodução dos nematoides, o que demonstra a eficiência do método empregado para a seleção de genótipos resistentes. Foram identificados 57 genótipos promissores de batata-doce, resistentes à raça 1 de M. incognita, e selecionados para continuar no programa de melhoramento.The objective of this work was to select sweetpotato (Ipomoea batatas resistant clones to Meloidogyne incognita race 1, and to assess the efficiency of the selection method deployed, through the estimation of genetic and environmental coefficients of variation, and broad-sense heritabilities. Genotypes assessed comprised 123 sweetpotato entries altogether, including four commercial cultivars - Brazlândia Rosada, Brazlândia Roxa, Brazlândia Branca, Palmas - and 119 clones previously selected by the Universidade Federal de Lavras

  2. Degradação do herbicida sulfentrazone em dois solos de Mato Grosso do Sul Degradation of sulfentrazone herbicide in two soils of Mato Grosso do Sul State

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camila S. Brum

    2013-05-01

    Full Text Available Realizou-se este trabalho com o objetivo de avaliar a degradação do herbicida sulfentrazone em dois solos (Latossolo Vermelho Distroférrico típico e Neossolo Quartzarênico Órtico típico utilizados na cultura da cana-de-açúcar, em Mato Grosso do Sul, e avaliar também a influência da temperatura, umidade e profundidade na taxa de degradação. Os experimentos de degradação foram realizados utilizando-se solos incubados em diferentes condições de umidade (50 e 80% da capacidade de campo - CC, temperatura (30 e 40 ºC e profundidade (0-30 e 50-70 cm. Os resultados das concentrações remanescentes do sulfentrazone no solo foram, em função do tempo, ajustados aos modelos de cinética de primeira ordem (SFO e ao de cinética de primeira ordem para multicompartimentos (FOMC. O sulfentrazone foi menos persistente em condições de maior umidade (80% da CC, temperatura mais elevada (40 ºC e em horizontes superficiais do solo (0-30 cm. A degradação do sulfentrazone para a maioria das condições estudadas foi melhor descrita pelo modelo FOMC. Os valores de meia-vida para o sulfentrazone nas diferentes condições de umidade, temperatura e profundidades avaliadas, variaram de 34 a 116 dias.This study had the aim to evaluate sulfentrazone degradation in two soils (distroferric red Latossol and orthic quartzarenic Neosol used for sugarcane production in Mato Grosso do Sul State and also to evaluate the influence of temperature, moisture and soil depth in the sulfentrazone degradation rates. Experiments were carried out using incubated soils at different soil moistures (50 and 80% field capacity - FC, temperatures (30 and 40 ºC and depths (0-30 and 50-70 cm. Remaining sulfentrazone concentrations in soil as a function of time were adjusted to single first-order kinetics model (SFO and also to the first-order multi-compartment kinetic model (FOMC. Sulfentrazone was less persistent in conditions of high soil moisture (80% FC, high

  3. Capacidad resistente de pilas metálicas tubulares circulares rellenas de hormigón (CFT en puentes integrales

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Chacón, R.

    2012-09-01

    Full Text Available In this paper, an in-depth analysis of the structural response of concrete-filled tubular structures (CFT is presented. The main objective of the study is to assess the resistance of these structural elements when subjected to lateral displacements. These displacements, together with the corresponding axial forces, represent the actions to which the integral bridges piers are subjected to. For the sake of studying this response, a numerical model is used as a simulation tool over an hypothetical matrix of CFT. These numerical studies together with a wide experimental database found in the literature have been useful for drawing conclusions concerning the cross-sectional capacity of the CFT. A design proposal for this cross-sectional capacity which accounts for confinement is given. This proposal has been compared structurally with the present formulation found in EN1994.

    Se presenta el análisis estructural de pilas metálicas tubulares rellenas de hormigón (CFT sometidas a flexo-compresión. El objetivo principal es valorar los mecanismos resistentes de las pilas cuando se someten a un desplazamiento en cabeza. Estos desplazamientos, conjuntamente con el esfuerzo axil de compresión, que en este trabajo se aproxima con un porcentaje de la resistencia plástica a compresión de los CFT, representan las acciones a las cuales se ven sometidos los elementos de este estudio. Se utiliza una herramienta numérica sobre una base hipotética de prototipos de pilas. Los resultados numéricos obtenidos así como los resultados experimentales encontrados en la literatura han permitido extraer conclusiones relativas a la capacidad seccional de los CFT. Se proponen expresiones de diseño relativas a la capacidad resistente de los CFT considerando el efecto del confinamiento y se comparan con los resultados que se derivan de la formulación de EN1994.

  4. Grau de cobertura do solo e dinâmica da vegetação em olivais de sequeiro com a introdução de herbicidas Ground cover and dynamic of weeds after the introduction of herbicides as soil management system in a rainfed olive orchard

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manuel Ângelo Rodrigues

    2009-12-01

    Full Text Available São apresentados resultados do grau de cobertura do solo e da dinâmica da vegetação num olival de sequeiro, localizado em Mirandela, após a introdução de herbicidas como estratégia de manutenção do solo. As modalidades em estudo foram: mobilização tradicional; herbicida pós-emergência (glifosato; e herbicida com componentes de acção residual e pós-emergência (diurão+glifosato+terbut ilazina. O grau de cobertura e a composição da vegetação foram avaliados desde 2002 a 2007 pelo método do ponto quadrado. Ambas as soluções herbicidas combateram adequadamente a vegetação herbácea em aplicação única anual. O grau de cobertura no talhão mobilizado, antes da primeira mobilização, oscilou entre 50 a 80 % e 30 a 60 % debaixo e fora da copa, respectivamente. O tratamento com glifosato permitiu um grau de cobertura em Abril entre 60 a 90 % debaixo da copa e 40 a 50 % fora da copa. No tratamento com herbicida residual o grau de cobertura do solo foi sempre muito baixo ao longo do ano. A gestão da vegetação com glifosato permitiu a cobertura do solo durante todo o ano, com vegetação viva desde o Outono à Primavera e um mulching de vegetação morta durante o Verão. Nas restantes modalidades o solo permaneceu descoberto durante grande parte do ano. No talhão gerido com glifosato a vegetação manteve elevada dinâmica. Um ano após o início da aplicação de glifosato apareceu a dominar o coberto Ornithopus compressus. Com o tempo ganharam importância algumas espécies de Inverno de ciclo muito cur-to (como Mibora mínima e Logfia gallicae outras de elevada produção de sementes e fácil dispersão pelo vento (como Hypochaeris radicata e Conyza canadensis com origem provável em incultos e caminhos que circundam o olival ou em plantas individuais que escaparam à acção dos herbicidas.Results of the percentage of ground cover by weeds and the dynamic of the vegetation are presented after the introduction of

  5. Variabilidade genética de acessos de araçazeiro e goiabeira suscetíveis e resistentes a Meloidogyne enterolobii

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline das Graças Souza

    2014-05-01

    Full Text Available A goiabeira representa uma importante atividade frutícola no Brasil, com mercado cada vez maior. Porém, desde 1989 vêm sendo relatados severos danos à cultura, causados pelo nematóide Meloidogyne enterolobii. Uma das alternativas para solucionar esse problema é a utilização de porta-enxertos com resistência a este patógeno. Este trabalho teve por objetivo a caracterização molecular, com marcadores RAPD, de acessos de Psidium testados quanto à resistência a M. enterolobii e quanto à compatibilidade como porta-enxertos para as goiabeiras comerciais. Foram testados 30 primers, dos quais 19 forneceram resultados nítidos para a amplificação. Foram gerados 163 fragmentos, dos quais 86 polimórficos (63,0%. Em média, cada iniciador produziu 8,6 fragmentos, dos quais 5,4 apresentaram polimorfismo. A análise de agrupamento foi realizada por espécie, os acessos de Psidium sp apresentaram a formação de dois grupos, um formado pelo acesso A-UFLA e o segundo subdividido em quatro subgrupos, sendo os acessos com maiores distâncias genéticas A-Ufla, resistente a M. enterolobii, A-Ufla4 e A-Ufla5, ambos suscetíveis ao nematoide em questão, todos coletados em Lavras-MG, com similaridade aproximada de 66%. Na análise de agrupamento, dos treze acessos de P.cattleyanum, foi possível constatar a formação de dois grandes grupos. Um formado por três acessos suscetíveis a M. enterolobii (A-20.2, A-10.1 e A-9.2 e outro grupo formado por dez acessos. Os acessos se agruparam, conforme a região de origem, em seis grupos, sendo que o mais divergente é originário da região de Lavras - MG, com 0,65 de similaridade, onde as distâncias genéticas variaram de 0,88 a 0,65. Dos treze acessos de P. guineense, todos suscetíveis a M. enterolobii, sendo 12 oriundos de Recife e um de Pelotas (A-14.1 e agruparam-se em dois grupos com similaridades variando de 0,59 a 0,83. Quanto ao estudo de diversidade entre os acessos de goiabeiras, a maior dist

  6. Plantio irrigado de bananeiras resistentes à Sigatoka-negra consorciado com culturas anuais Irrigated banana resistant to black Sigatoka, with annual intercrops

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ildeu de Souza

    2010-03-01

    Full Text Available Com o objetivo de avaliar o plantio irrigado de bananeiras resistentes à Sigatoka-negra consorciado com cultura anuais, na região norte de Minas Gerais, um experimento foi instalado na Fazenda Experimental do Departamento de Ciências Agrárias da Universidade Estadual de Montes Claros, Câmpus de Janaúba-MG. O experimento foi conduzido no período de abril de 2006 a julho de 2007, delineado em blocos casualizados, segundo um esquema de parcelas subdivididas 3 x 5, tendo na parcela as três variedades de bananeiras: Pacovan Ken, Caipira e Thap Maeo, e na subparcela quatro culturas intercalares: Feijão-Pérola, Quiabo-Dardo, Melancia-Crimson-Sweet e Feijão-Caupi, e a testemunha (sem cultura intercalar, com três repetições. Ao todo, foram 756 bananeiras, em 45 parcelas, com 6 plantas úteis cada, constituindo a cultura principal. As culturas intercalares ocuparam as entrelinhas da bananeira, tanto aquelas com as linhas de irrigação como sem linha de irrigação. O plantio da bananeira e das culturas intercalares foi feito no mesmo período, utilizando-se do espaçamento de 3,0 m entre as linhas e 2,0 m entre as covas de bananeira, com microaspersores espaçados de 6 m. Avaliaram-se as características vegetativas e reprodutivas das variedades de bananeiras, no primeiro ciclo. Não foi observado efeito significativo dos cultivos intercalares sobre as variedades de bananeiras, com exceção do número de dias do plantio ao florescimento e do número de dias do plantio à colheita das variedades de bananeiras. O uso do feijão-caupi promoveu atraso no ciclo de produção das três variedades de bananeiras Pacovan Ken, Caipira e Thap Maeo.To assess the irrigated cultivation of banana resistant to black Sigatoka, intercropped with annual crops in the northern region of Minas Gerais, a trial was conducted on an experimental farm of the Universidade Estadual de Montes Claros, in Janaúba-MG. The experiment was carried out from April 2006 to

  7. Eficácia do herbicida glifosato-potássico submetido à chuva simulada após a aplicação Effects of rainfall on efficacy the potassium glyphosate in weeds

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo Martini

    2003-01-01

    Full Text Available Apesar de possuir boa ação herbicida, alguns fatores afetam a eficácia do glifosato e, nesse contexto, realizaram-se estudos buscando formulações mais eficazes. O experimento foi instalado em área do Campus da FCAV-UNESP, Jaboticabal (SP. Testou-se a formulação potássica de glifosato comparada com solução aquosa e grânulos dispersíveis em água à mesma dosagem (0,36 kg.ha-1 e.a em cinco intervalos (1, 2, 4, 6 e > 48 horas sem chuva após a aplicação, comparados com uma testemunha sem uso de herbicidas. Foram aplicados em pós-emergência sobre Brachiaria plantaginea, B. decumbens e Digitaria horizontalis. A aplicação foi feita com pulverizador costal a CO2, à pressão de 2,5 kg.cm-2, munido de barra com seis bicos DG 110.02 e consumo de calda equivalente a 200 L.ha-1. Realizaram-se cinco avaliações de porcentagem de controle em relação à testemunha infestada, atribuídas visualmente, até 42 dias após aplicação. Notou-se que o controle da formulação potássica sobre as espécies avaliadas foi mais precoce, necessitando apenas quatro horas após sua aplicação para se igualar ao intervalo superior a 48 horas sem chuva. As demais necessitaram de, no mínimo, seis horas de intervalo.In spite of possessing good herbicidal action, some factors affect the effectiveness of the glyphosate and, in that context, studies were accomplished looking for more effective formulations. The experiment was installed in area of FCAV-UNESP Campus, in Jaboticabal, São Paulo State. The potassium glyphosate formulation was compared to CS and WG formulations, at the same rate (0.36 kg.ha-1 a.e, in five intervals (1, 2 ,4 6 and 48 hours without rain after the application, compared to a control without herbicides. They were applied in post emergence on Brachiaria plantaginea, B. decumbens and Digitaria horizontalis. The herbicides were applied with costal sprayer, at a constant pressure (35 lbf/pol², with four nozzles DG 11002. The

  8. Detecção e monitoramento da resistência do tripes Frankliniella occidentalis ao inseticida espinosade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Débora Soller Rais

    Full Text Available O tripes Frankliniella occidentalis (Pergande (Thysanoptera: Thripidae é uma das pragas mais importantes em cultivos protegidos, principalmente de plantas ornamentais e hortícolas. Entre os problemas enfrentados pelos agricultores estão a dificuldade de seu controle com o uso de inseticidas devido à sua preferência pelas partes internas das flores e a evolução de resistência aos agroquímicos. O objetivo da pesquisa foi caracterizar a resistência de F. occidentalis a espinosade e avaliar a frequência de insetos resistentes ao inseticida, em áreas comerciais de crisântemo de diversos municípios do Estado de São Paulo. Seleções para resistência a espinosade foram realizadas em laboratório, utilizando-se uma população de F. occidentalis, coletada em 2007 de um cultivo comercial de crisântemo em Campinas (SP. No decorrer de sete seleções para resistência, a CL50 de espinosade passou de 8,41 mg i.a. L-1 para 1111 mg i.a. L-1. Comparando-se a linhagem resistente (R (selecionada e a suscetível (S, a razão de resistência (CL50 R/CL50 S atingiu valores de ≈280 vezes. Estabeleceu-se uma concentração discriminatória de 98 mg i.a. L-1 para o monitoramento da resistência de F. occidentalis a espinosade. O monitoramento foi realizado coletando-se 19 populações do tripes em áreas comerciais de crisântemo no Estado de São Paulo. Os bioensaios foram realizados com ninfas de segundo ínstar de F. occidentalis, colocadas em arenas de folha de feijão. As aplicações de espinosade, na sua concentração discriminatória, foram realizadas sobre as ninfas em torre de Potter. Os resultados indicaram alta variabilidade entre as populações com relação à suscetibilidade a espinosade. Foram observadas populações com até 40,7% de insetos resistentes. Este é o primeiro relato de resistência de F. occidentalis a espinosade no Brasil.

  9. Tolerância de cultivares de feijão ao s-metolachlor em diferentes condições de aplicação Dry bean to s-metolachlor tolerance under different spray conditions

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    S.O. Procópio

    2001-08-01

    Full Text Available O s-metolachlor se apresenta como excelente opção ao produtor de feijão, por proporcionar ótimo controle de gramíneas e de algumas latifoliadas. No entanto, problemas de toxicidade deste herbicida às plantas de feijoeiro são observados com freqüência em condições de campo. Este trabalho teve como objetivo avaliar o desempenho agronômico e a tolerância de cinco cultivares de feijão (Jalo Precoce, Xamego, Carioca, Rudá e Pérola ao smetolachlor, sob duas condições de irrigação nas aplicações do herbicida. O trabalho foi conduzido em campo, no plantio das "águas", em um solo Podzólico Câmbico, fase terraço, com 35 dag kg-1 de argila e 3,6 dag kg-1 de matéria orgânica. Foram realizados dois ensaios, tendo como única diferença na metodologia entre ambos o fato de que no primeiro aplicou-se uma lâmina de 20 mm de "chuva" imediatamente antes do tratamento com o herbicida e, no segundo, a aplicação da mesma lâmina foi imediatamente após a aplicação do herbicida. Foram avaliadas seis doses do s-metolachlor (0; 0,48; 0,72; 0,96; 1,20; e 1,92 kg ha-1, associadas aos cinco cultivares citados. Não se observou toxicidade do s-metolachlor, nas doses avaliadas, a nenhum dos cultivares de feijão, independentemente das condições de irrigação antes ou após a aplicação do herbicida.The s-metolachlor is an excellent option for bean growers, since it provides effective control of grass and some broad leaf weeds. Even so, toxicity problems caused by this herbicide to the bean plants are observed frequently under field conditions. The objective of this work was to evaluate the agronomic performance and tolerance of five bean cultivars (Jalo Precoce, Xamego, Carioca, Rudá, and Pérola to s-metolachlor, under two irrigation conditions close to herbicide application. The work was conducted in the field, in the rainy season in a Cambic Podzolic soil, terrace phase, with 35 dag kg-1 of clay and 3.6 dag kg-1 of organic matter

  10. Atividade residual de herbicidas aplicados em pós-emergência na cultura da soja sobre o milheto cultivado em sucessão Effect of the residual activity of herbicides applied in post-emergence soybean on pearl millet grown in succession

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    H.A Dan

    2011-09-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a atividade residual de herbicidas utilizados em pós-emergência da cultura da soja sobre o milheto cultivado em sucessão. O experimento foi realizado em Latossolo Vermelho distroférrico de textura argilosa em região de cerrado. Os herbicidas chlorimuron-ethyl (0,015 kg ha-1, imazethapyr (0,060 kg ha-1, imazethapyr (0,100 kg ha-1 e fomesafen (0,250 kg ha-1 foram utilizados em pós-emergência do cultivar de soja Msoy-6101. Utilizou-se o delineamento de blocos casualizados, com quatro repetições, em esquema de parcelas subdivididas (5 x 4. Nas subparcelas, realizou-se a semeadura do milheto (híbrido ADR-7010 em quatro períodos, correspondendo a 0, 40, 80 e 120 dias após a aplicação dos herbicidas (DAA. Durante a condução do ensaio, avaliou-se a intoxicação da cultura aos 7 e 28 dias após a emergência, o estande, a altura e a matéria seca da parte aérea das plantas de milheto. Ao final do ciclo da cultura, determinou-se o rendimento de grãos. O imazethapyr (0,060 kg ha-1 e chlorimuron-ethyl (0,015 kg ha-1 não alteraram significativamente o rendimento da cultura do milheto em semeaduras posteriores a 80 DAA. Para fomesafen, o intervalo mínimo de segurança entre a aplicação e a semeadura do milheto foi de 100 dias. Por outro lado, maior persistência foi observada para imazethapyr na dose 0,100 kg ha-1, chegando a 120 dias de bioatividade sobre o milheto, que teve seu rendimento de grãos alterando mesmo quando semeado durante esse período.The objective of this study was to evaluate the residual activity of herbicides used in post-emergence soybean on Pearl Millet grown in succession. The experiment was conducted in clay soil in cerrado region. The herbicides chlorimuron-ethyl (0.015 kg ha-1, imazethapyr (0.060 kg ha-1, imazethapyr (0.100 kg ha-1 and fomesafen (0.250 kg ha-1 were used in post-emergence soybean cultivar Msoy-6101, in plots of 80 m² that were subdivided into sub-plots of

  11. Critérios para avaliação do potencial de lixiviação dos herbicidas comercializados no Estado do Paraná Criteria for evaluation of the leaching potential of herbicides used in Paraná

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.H. Inoue

    2003-08-01

    Full Text Available Foi realizado um levantamento referente à comercialização de herbicidas no Estado do Paraná, visando quantificar o volume de sua utilização durante o ano de 2000. Em seguida, com base nas propriedades químicas desses herbicidas, estudaram-se critérios teóricos para classificá-los de acordo com o potencial de lixiviação. A análise dos dados do levantamento indicou que o maior volume comercializado ocorreu no quarto trimestre, relacionando-se provavelmente ao aumento da demanda provocada pela safra de verão. Os grupos de mecanismos de ação cujo consumo é mais significativo são, pela ordem, os inibidores da síntese de aminoácidos (36,9% do total comercializado, os inibidores da fotossíntese (31,3%, os mimetizadores da auxina (11% e os inibidores da divisão celular (8,8%. Os herbicidas glyphosate (4.562,28 t, atrazine (3.075,91 t, 2,4-D (1.659,33 t e sulfosate (631,60 t representam, em conjunto, cerca de 65% do volume total comercializado no Estado. A classificação quanto ao potencial de lixiviação demonstrou que acifluorfen-sódio, alachlor, atrazine, chlorimuron-ethyl, fomesafen, hexazinone, imazamox, imazapyr, imazaquin, imazethapyr, metolachlor, metribuzin, metsulfuron-methyl, nicosulfuron, picloram, sulfentrazone e tebuthiuron são potencialmente lixiviadores, de acordo com os três critérios teóricos adotados (GUS, CDFA e Cohen.A survey was carried out on the commercialization of herbicides in Paraná, to verify their total input in the environment. Based on the chemical properties of these herbicides, theoretical criteria ranking them according to their leaching potential were evaluated. The highest volume of commercialization was found to occur from October to November, probably related to the increased demand caused by the summer crop cycle. The mechanisms of action whose consumption is most expressive are the aminoacid synthesis inhibitors (36.9% of the total volume, followed by the photosynthesis inhibitors (31

  12. Efeitos do período e volume de aplicação na segurança dos tratoristas aplicando herbicidas na cultura de cana-de-açúcar (Saccharum spp. Effects of herbicide spraying period and volume on the safety of tractor drivers spraying herbicides on sugarcane (Saccharum spp. crop

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J.C. Momesso

    2003-12-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos do período e volume de aplicação na segurança da atividade de tratoristas aplicando herbicidas na cultura de cana-de-açúcar com o pulverizador de barra montado em trator e a eficiência de equipamentos de proteção individual (EPIs e de uma cabina acoplada ao trator. As exposições dérmicas de 13 condições de trabalho foram avaliadas e analisadas estatisticamente por meio do delineamento inteiramente ao acaso e do esquema fatorial 3 x 2 x 2 + 1. O fator A foi a condição de exposição: 1 exposição dérmica potencial (EDP - sem nenhuma medida de segurança; 2 exposição com cabina no trator (Cabina; e 3 exposição com as vestimentas (EPI. O fator B foi o volume de aplicação: 1 200 L ha-1 e 2 100 L ha-1; e o fator C foi o período de aplicação: 1 diurno e 2 noturno. Como testemunha foi avaliada a EDP do tratorista aplicando na atividade usual de 300 L de calda ha-1, no período diurno. As exposições dérmicas (EDs aos herbicidas considerados nessas condições de trabalho foram estimadas por meio de dados substitutos das EDs avaliadas ao cátion Cu+2 adicionado como traçador nas caldas aplicadas. O pulverizador utilizado foi do modelo PJ 600, com barra de 12 m de comprimento e 24 bicos de jato plano TT 110 04 ou TT 110 02. As 13 condições de trabalho avaliadas foram classificadas como seguras (MS>1 para o tratorista aplicando os herbicidas glyphosate (48% i.a., MSMA (48%, diuron (46,8% + hexazinone (13,2%, clomazone (50%, sulfentrazone (50%, ametryne (50%, diuron (50%, isoxaflutole (75%, metribuzin (48%, 2,4-D (80,6%, ametryne (30% + clomazone (20%, ametryne (73,25% + trifloxysulfuron (1,85% e tebuthiuron (80 % e inseguras para o herbicida atrazine (50%, nos dois períodos e nos três volumes de aplicação, e ametryne (50%, na aplicação diurna e 100 L de calda ha-1. As aplicações noturnas e os volumes de aplicação reduzidos tornaram as condições de trabalho mais

  13. REALIDADE AUMENTADA APLICADA AO DESIGN

    OpenAIRE

    Fernandes, Bruno Chagas Alves; Sánchez, Joaquín Fernández

    2008-01-01

    Este artigo apresenta o atual estado da arte da Realidade Aumentada aplicada ao design. São apresentados exemplos de aplicações da Realidade Aumentada em áreas como design de produtos, arquitetura, indústria automotiva, educação e design colaborativo. Também é apresentada uma rápida visão geral sobre as tecnologias envolvidas na criação de aplicações de Realidade Aumentada.

  14. Realidade aumentada aplicada ao design

    OpenAIRE

    Fernández Sánchez, Joaquín

    2008-01-01

    Este artigo apresenta o estado da arte da Realidade Aumentada aplicada ao design. São apresentados exemplos de aplicações da Realidade Aumentada em áreas como design de produtos, arquitetura, indústria automotiva, educação e design colaborativo. Também é apresentada uma rápida visão geral sobre as tecnologias envolvidas na criação de aplicações de Realidade Aumentada.

  15. Cometas: Das Lendas aos Fatos

    Science.gov (United States)

    Voelzke, M. R.

    O descobrimento de cometas, devido ao seu aparecimento espetacular, tem registro nas mais antigas culturas humanas. A primeira referência situa-se no ano de 1095 antes de Cristo [a.C.; HO; HO, 1962]. A quantidade de registros de descobrimentos cometários, principalmente provenientes do território chinês em particular e do oriente em geral, aumentou gradualmente a partir do quarto século depois de Cristo (d.C.). É de origem chinesa a primeira referência ao cometa P/Halley no ano de 240 a.C. [VOELZKE, 1993]. Com o desenvolvimento da astronomia relativamente às técnicas observacionais os descobrimentos bem como as observações cometárias aumentaram sensivelmente a partir do século XVII, sendo que a partir do século XIX um novo incremento ocorreu devido ao emprego da fotografia e a resultante melhora de sensibilidade na observação.

  16. Controle do arroz vermelho através do herbicida sulfosate isolado e em misturacom adjuvantes Red-rice control using the herbicide sulphosate alone or in mixture with adjuvants

    OpenAIRE

    Luiz L. Foloni; João D. Rodrigues; Elizabeth O. Ono

    1997-01-01

    O presente trabalho teve como objetivo avaliar a eficiência do herbicida sulfosate, aplicado isoladamente e em misturas com diferentes adjuvantes, comparado com o herbicida glifosate, ambos aplicados com baixo volume de calda, no controle da planta daninha arroz vermelho (Oryza sativa L.) sob aplicação em condições de préplantio da cultura do arroz. O experimento foi conduzido em campo, sendo a área experimental instalada na cultura de arroz irrigado, variedade IAC-101. A área de pousio receb...

  17. Efeitos de herbicidas nos teores de macronutrientes e nas características tecnológicas da cana-de-açúcar (Saccharum spp.. I - Misturas de herbicidas em pós-emergência Effect of herbicides on the macronutrient levels and on the tecnologic characteristics of sugarcane (Saccharum spp. I - Mixtures of postemergence herbicides

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R. Victoria Filho

    1980-12-01

    Full Text Available A presente pesquisa foi conduzida em um Latossol Roxo, com 3,9% de matéria orgânica, na Usina São Carlos, município de Jaboticabal - SP com o objetivo de verificar o comportamento das principais misturas de herbicidas aplicadas em pós-emergência e suas possíveis interferências nos teores de macronutrientes, e no desenvolvimento da variedade CB 41-14. Os tratamentos utilizados com as respectivas doses do ingrediente ativo em kg/ha foram: ametryne + 2,4 - D (formulação comercial a 1,47 - 2,03, diuron + 2,4 -D a 1,60 + 2,16; ametryne + 2,4-D a 1,60 + 2,16; alachlor + 2,4-D a 1,09 + 1,80; asulam + ioxynil - 2,4-D a 2,80 + 1,75; MCPA + 2,4-D a 0,83 + 0,83; oxadiazon + 2,4 -D a 0,50 + 2,16; ametryne + simazine + 2,4-D a 1,25 + 1,25 + 2,16; ametryne + secbumetone + 2,4-D a 2,00 + 2,00 + 2,16; diuron + hexazinone + surfatante a 0,80 + 0,45 + 0,5% e MCPA + 2,3,6-TBA + pendimethalin + surfatante a 1,50 + 0,48 + 0,66 + 0,5%. O controle das plantas daninhas foi avaliado através de contagens por espécie botânica e por avaliações visuais . Sobre a cultura os efeitos foram constatados pela contagem da brotação inicial, avaliações visuais dos efeitos fitotóxicos, análise dos teores de macronutrientes aos 5 e 8 meses, medidas do comprimento dos colmos, análise dos teores de fibra, pol, brix, % de cana e pureza, assim como valores de pol/ha, e peso de colmos por hectare. Não houve interferência das diferentes misturas de herbicidas na brotação inicial, no comprimento médio dos colmos, e nos teores de fibra, pol, brix e pureza por ocasião da colheita. Em relação às principais plantas daninhas presentes na área, que eram capim-colchão (Digitaria sanguinalis (L. Scop. capim-coloniâo (Panicum maximum Jacq, beldroega (Portulacca oleracea L. e caruru (Amaranthus spp, as melhores porcentagens de controle foram obtidas com as misturas de ametryne + 2,4-D, MCPA + 2,4-D, oxadiazon + 2,4-D, ametryne + secbumetone, diuron + hexazinone e MCPA

  18. Interação entre nematicidas e herbicidas aplicados no plantio da cana-de-açúcar Interaction between nematicides and herbicides applied on sugarcane plantations

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L.L. Dinardo-Miranda

    2006-09-01

    Full Text Available O efeito do sinergismo entre os nematicidas aldicarb, carbofuran e terbufós, aplicados no sulco de plantio, e os herbicidas clomazone, metribuzin e tebuthiuron, aplicados em pré-emergência, oito dias após o plantio da cana-de-açúcar foi avaliado em experimento conduzido em solo arenoso. Os sintomas mais acentuados de fitointoxicação foram observados nas parcelas que receberam metribuzin + terbufós ou tebuthiuron + terbufós. Metribuzin e tebuthiuron foram os herbicidas que provocaram sintomas mais acentuados de fitointoxicação, e o tebuthiuron prejudicou o desenvolvimento inicial da cultura, representado pelo número de perfilhos por metro. Apesar disso, não se observou redução significativa de produtividade em função da aplicação conjunta de nematicidas e herbicidas. Na média, aldicarb e carbofuran incrementaram a produtividade de colmos em 12 t ha-1. Parcelas tratadas com clomazone produziram, em média, significativamente mais que as tratadas com metribuzin.The interaction between the nematicides aldicarb, carbofuran and terbufos and the herbicides clomazone, metribuzin and tebuthiuron, applied on sugarcane plantations, was evaluated in an experiment conducted in sandy soil. Plots treated with metribuzin + terbufos or tebuthiuron + terbufos presented the most severe phytotoxicity symptoms. The herbicides metribuzin and tebuthiuron caused high phytotoxicity and tebuthiuron reduced the number of stalks in the plots, five months after planting. In spite of this, yield reduction due to nematicide and herbicide application was not observed. Aldicarb and carbofuran increased sugarcane yield at 12 ton ha-1. Plots treated with clomazone produced significantly more than plots treated with metribuzin.

  19. Amido resistente, a última geração no controle de energia e digestão saudável Resistant starch, the latest generation of energy control and healthy digestion

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Karla Dellanoce Pereira

    2007-08-01

    Full Text Available Estudos clínicos demonstraram que amido resistente tem propriedades semelhantes a fibras e mostra benefícios fisiológicos em humanos, podendo resultar em prevenção de doenças. A Organização Mundial de Saúde (OMS recomenda que cerca de 55% da energia ingerida seja proveniente de carboidratos. A preocupação com o tipo de carboidrato ingerido é importante, pois há fibras, por exemplo, que devem ser ingeridas de 25-30 g/dia/pessoa, e normalmente não o são. Por ser um alimento resistente à digestão e fermentado no intestino grosso, principalmente pelas bifidobactérias, o amido resistente é um alimento prebiótico. Durante a fermentação ocorre a produção de ácidos graxos de cadeia curta, principalmente o butirato, que contribui muito para a saúde do cólon, inibindo o crescimento de células cancerígenas devido à redução do pH no intestino grosso. Além disso, contribui para a produção da energia difusa progressiva (EDP, que é a energia liberada ao longo do tempo de uma digestão lenta, e para a queda do índice glicêmico dos alimentos, proporcionando uma menor resposta glicêmica e, conseqüentemente, uma resposta insulínica mais adequada, auxiliando no tratamento da diabete, principalmente do tipo 2 e mantendo o indivíduo com sensação de saciedade por um período maior de tempo. A National Starch Food Innovation possui o Hi-Maize 260 como amido resistente que, quando comparado com as fibras convencionais, apresenta muitas vantagens. É branco e possui sabor brando, tamanho pequeno de partícula e baixa capacidade de retenção de água, praticamente não altera a textura de produtos de baixa umidade como pães, macarrão, barrinha de cereais, etc, ao contrário das fibras convencionais, o que permite formular produtos com alto teor de fibras e ainda ser rotulado como simplesmente "amido de milho". Também apresenta teor calórico reduzido e pode ser usado como agente de corpo complementar em formulações com

  20. Eliminación de herbicidas y metales pesados en aguas mediante el uso de hidróxidos dobles laminares

    OpenAIRE

    González Millán, María de los Ángeles

    2016-01-01

    La contaminación de las aguas naturales producida por el uso cada vez más extendido de sustancias tóxicas, tanto inorgánicas (metales pesados) como orgánicas (herbicidas) puede causar problemas ambientales graves, particularmente relacionados con la calidad del agua potable. Esto ha dado lugar a la necesidad de desarrollar nuevas estrategias de remediación más eficaces. Entre las técnicas fisicoquímicas más utilizadas para la recuperación rápida de aguas afectadas por altas ...

  1. Control químico del arroz rojo (oryza sativa l. en arroz, con herbicidas no selectivos-protectantes a la semilla

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valent\\u00EDn A. Esqueda

    2000-01-01

    Full Text Available Control químico del arroz rojo (Oryza sativa L. en arroz, con herbicidas no selectivos-protectantes a la semilla. Se establecieron tres ensayos en invernadero con el objetivo de evaluar el efecto protectivo del tratamiento a la semilla de arroz Milagro Filipino (MF con anhídrido naftálico (0,5 y 0,75%, flurazole (0,1 y 0,2% y oxabetrinil (0,1 y 0,2% en comparación con herbicidas no selectivos para arroz [atrazina (1,8 kg/ha, atrazina/metolaclor (0,78/0,75 kg- /ha, acetoclor (2,1 kg/ha, alaclor (2,5 kg/ha y metolaclor (1,92 kg/ha]. Asimismo se determinó el efecto del alaclor en cuatro biotipos de arroz rojo y del arroz MF tratado con anhídrido naftálico. El flurazole y el oxabetrinil no protegieron al arroz de ninguno de los herbicidas, sólo se observó un efecto protectivo del anhídrido naftálico (0,75% al herbicida alaclor (2,5 kg/ha. Alaclor (2 kg/ha redujo temporalmente la altura de las plántulas de arroz, pero a partir de los 25 DDA no existió diferencia en altura con las plantas testigo. El peso seco de las plantas testigo de arroz MF fue estadísticamente semejante al obtenido de las plantas provenientes de semillas tratadas con anhídrido naftálico (0,75% y con aplicación de 1, 1,5 y 2 kg/ha de alaclor. A los 7 DDA, el control de los diferentes biotipos de arroz rojo varió de 40 a 80% con alaclor a 1 kg/ha, de 80 a 98% con 1,5 kg/ha y de 98 a 99% con 2 kg- /ha. A su vez, a los 25 DDA, los controles variaron de 30 a 62% con alaclor a 1 kg/ha, de 43 a 83% con 1,5 kg/ha y de 58 a 96% con 2 kg/ha

  2. Interferência de herbicidas nas características fisiológicas da mandioca e na atividade microbiana do solo

    OpenAIRE

    Silveira, Hellen Martins da

    2012-01-01

    Avaliaram-se os efeitos dos herbicidas mesotrione, fluazifop-p-butyl, fomesafen e fluazifop-p-butyl+fomesafen sobre as características fisiológicas de cultivares de mandioca. E também, a ação do mesotrione e do fluazifop-p-butyl na atividade microbiana do solo rizosférico de um dos cultivares. Para isso em quatro experimentos foram avaliadas: as características fisiológicas de cultivares de mandioca após a aplicação do mesotrione; a interferência do fluazifop-p-butyl e do fomesafen, em aplica...

  3. Dinâmica vegetacional em pastagem natural e pastagem sobre-semeada com espécies de estação fria com e sem o uso de herbicida - doi: 10.4025/actascianimsci.v33i2.9148 Vegetation dynamics in natural pasture and pasture overseeded with cool season species with and without the use of herbicide - doi: 10.4025/actascianimsci.v33i2.9148

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Duilio Guerra Bandinelli

    2011-04-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar os possíveis efeitos do uso do herbicida e da introdução de espécies de estação fria na dinâmica vegetacional da pastagem natural. Os tratamentos foram: pastagem natural com roçadas anuais (CN; pastagem natural melhorada com introdução de espécies de estação fria e com adubação anual (CNI; idem ao anterior, mas com uma aplicação de glifosato (G1; idem ao anterior, porém com três aplicações de glifosato (G3; idem ao G3, mas com o dobro da adubação anual (GA3. A semeadura de trevo branco, cornichão e azevém anual foi feita a lanço, sendo esta precedida da aplicação do herbicida glifosato. O sistema de pastejo foi o contínuo com lotação variável. A composição botânica observada foi diferente (p This study evaluated the possible effects of the use of herbicide and introduction of cool season species on the dynamics of natural grassland vegetation. The treatments were: natural grassland with annual mowing (CN; natural grassland improved with introduction of cool season species and annual fertilization (CNI; same as the previous but with glyphosate application (G1; same as the previous with three glyphosate applications (G3; same as G3 but with double annual fertilizing (GA3. The sod seeding of white clover, birdsfoot trefoil and annual ryegrass was preceded by application of the herbicide glyphosate. The grazing system was continuous, with variable stocking rates. The observed botanical composition was different (p < 0.06 between treatments that did not receive glyphosate application and those with application. The botanical composition of the treatments did not present variation (p = 0.57 among periods. The use of glyphosate allows an efficient establishment of the introduced species. However, the use of this practice is not recommended due to its effects on modifying the floristic composition of the natural grassland.

  4. Fatores associados aos tratamentos inadequados em grupo de portadores de tuberculose multirresistente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Barroso Elizabeth Clara

    2003-01-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A tuberculose multirresistente é uma ameaça ao controle da tuberculose em todo o mundo. Tratamento inadequado é freqüentemente apontado como fator de risco para tuberculose multirresistente. OBJETIVO: Identificar fatores associados ao tratamento inadequado em portadores de tuberculose multirresistente. MÉTODO: Foram levantados e identificados os testes de sensibilidade para tuberculose, realizados no Laboratório Central do Estado do Ceará de 1990 a 1999. Foi realizado um estudo retrospectivo e prospectivo, em grupo de portadores de tuberculose multirresistente, comparando as características dos pacientes com tratamento adequado com as dos com tratamentos inadequados. Foi considerado multirresistente o bacilo resistente a pelo menos rifampicina + isoniazida e utilizado o método das proporções. RESULTADOS: Dos 1.500 testes de sensibilidade realizados, 266 eram multirresistentes. Destes, identificaram-se apenas 153 pacientes, dos quais 19 foram excluídos, restando, no estudo, 134 pacientes. Pela análise univariada os fatores associados significativamente ao tratamento inadequado foram: não-adesão ao tratamento, pobreza extrema, intolerância medicamentosa, falha no atendimento, falta de medicação, dois ou mais tratamentos anteriores, lesões radiológicas bilaterais e grandes cavidades pulmonares. Foi encontrada ainda associação (p < 0,001 de alcoolismo e/ou tabagismo com a não-adesão. Na análise multivariada, permaneceram associados ao tratamento inadequado: dois ou mais tratamentos anteriores (p < 0,0001, OR = 5,9; IC 95%: 2,5-13,7, grandes cavidades pulmonares (p < 0,0217, OR = 2,7; IC 95%: 1,2-6,1 e lesões radiológicas bilaterais (p < 0,0226, OR = 3,2; IC 95%: 1,4-7,4. CONCLUSÃO: Neste estudo, observou-se que os fatores associados aos tratamentos inadequados são de grande abrangência. Deve existir uma tentativa para controlar melhor a doença, principalmente nos pacientes em retratamento e nos portadores

  5. Sorção e hidrólise do herbicida flazasulfuron Sorption and hydrolysis of flazasulfuron

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.F. Oliveira

    2005-03-01

    Full Text Available O herbicida flazasulfuron vem sendo utilizado no Brasil para o controle de plantas daninhas mono e dicotiledôneas nas culturas de cana-de-açúcar e tomate. Há carência de informações sobre o seu comportamento no ambiente. O objetivo deste trabalho foi estudar a retenção do flazasulfuron em amostras de solos, superficiais e subsuperficiais, e sua hidrólise em diferentes valores de pH e temperatura. Nos ensaios de sorção e dessorção utilizou-se metodologia de batelada em equilíbrio nas concentrações de 0,07 a 5,00 mg L-1 e quantificação por CLAE. A hidrólise do flazasulfuron mostrou-se dependente da temperatura e do pH, seguindo modelo de primeira ordem. A meia-vida do herbicida em solução aquosa variou de 0,76 hora a 35 ºC e pH 3 a 167,4 horas a 25 ºC e pH 5. O Kf,ads variou de 1,19 (1/n ads = 0,40 a 27,97 (1/n ads = 0,90, apresentando correlação positiva e significativa com os teores de CO, silte e CTC. A adsorção do flazasulfuron foi menor nas amostras com maiores valores de pH, indicando maior risco de lixiviação nessa condição.Flazasulfuron [1-(4,6-dimethoxypyrimidin-2-yl-3-(3-trifluoromethyl-2-pyridylsulfonyl urea] has been used in Brazil the selective control of monocotyledonous and dicotyledonous weeds grown in the sugarcane and tomato crops. There is a lack of information in the literature about flazasulfuron behavior in soils. In this study, flazasulfuron retention was measured in batch equilibration, at 1:1 soil/solution ratio for Brazilian surface and subsurface soil samples and hydrolysis at different pH and temperature values. Sorption and desorption experiments were carried out at concentrations of 0.07 to 5.00 mgL-1 and quantification by HPLC. Hydrolysis of flazasulfuron was dependent on temperature and pH, following a first order model. The half-life of the herbicide in aqueous solution varied from 0.76 hours at 35 ºC and pH 3 to 167.4 hours at 25 ºC and pH 5. Sorption isotherms were nonlinear with

  6. AoS28D, a proline-Xaa carboxypeptidase secreted by Aspergillus oryzae.

    Science.gov (United States)

    Salamin, Karine; Eugster, Philippe J; Jousson, Olivier; Waridel, Patrice; Grouzmann, Eric; Monod, Michel

    2017-05-01

    Prolyl peptidases of the MEROPS S28 family are of particular interest because they are key enzymes in the digestion of proline-rich peptides. A BLAST analysis of the Aspergillus oryzae genome revealed sequences coding for four proteases of the S28 family. Three of these proteases, AoS28A, AoS28B, and AoS28C, were previously characterized as acidic prolyl endopeptidases. The fourth protease, AoS28D, showed high sequence divergence with other S28 proteases and belongs to a phylogenetically distinct cluster together with orthologous proteases from other Aspergillus species. The objective of the present paper was to characterize AoS28D protease in terms of substrate specificity and activity. AoS28D produced by gene overexpression in A. oryzae and in Pichia pastoris was a 70-kDa glycoprotein with a 10-kDa sugar moiety. In contrast with other S28 proteases, AoS28D did not hydrolyze internal Pro-Xaa bonds of several tested peptides. Similarly, to human lysosomal Pro-Xaa carboxypeptidase, AoS28D demonstrated selectivity for cleaving C-terminal Pro-Xaa bonds which are resistant to carboxypeptidases of the S10 family concomitantly secreted by A. oryzae. Therefore, AoS28D could act in synergy with these enzymes during sequential degradation of a peptide from its C-terminus.

  7. Avaliação de herbicidas de pós-emergência na cultura da cebola Evaluation of herbicides on post emergent weed control in onion crop

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jeferson Zagonel

    2000-11-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a eficiência e a seletividade do herbicida clethodim, em duas formulações (120 e 240 g/l, no controle de plantas daninhas na cultura da cebola. O experimento foi instalado na Fazenda Escola da UEPG, em Ponta Grossa (PR, no ano de 1998. O delineamento experimental utilizado foi blocos ao acaso com quatro repetições, constando dos tratamentos: clethodim (120 g/l + óleo mineral nas doses de 72, 84 e 96 g i.a./ha; clethodim (240 g/l na dose de 84 g i.a./ha adicionado de 1,0 l/ha de óleo mineral (Assist; testemunha capinada e testemunha sem capina. A cultivar de cebola utilizada foi Baia Periforme e as plantas daninhas predominantes no experimento foram Brachiaria plantaginea (capim-papuã, Digitaria horizontalis (capim-milhã e Eleusine indica (capim pé-de-galinha. As avaliações de controle e de fitotoxicidade foram efetuadas aos 7, 14, 28 e 42 dias após a aplicação dos tratamentos (DAA onde verificou-se que o clethodim (120 g/l nas doses de 84 e 96 g i.a./ha foi igualmente eficiente ao clethodim (240 g/l no controle sobre Brachiaria plantaginea, Digitaria horizontalis e Eleusine indica; esses tratamentos mostraram produção similar e superior à verificada para a testemunha sem capina e causaram leve redução no porte das plantas de cebola aos 7 dias após sua aplicação, o que não foi mais observado nas avaliações posteriores.This study had the purpose of evaluating the efficiency and selectivity of the herbicide clethodim, in two formulations (120 and 240 g/l for weed control in onion crop. The experiment was realized at the University of Ponta Grossa, in Brazil, in 1998. The experimental design was of randomized blocks with four replicates. The following treatments were evaluated: clethodim (120 g/L + mineral oil using doses of 72, 84 and 96 g i.a./ha; clethodim (240 g/L with 84 g i.a./ha added with 1.0 L/ha of mineral oil; weed free and weedy. The onion cultivar used was Baia Periforme

  8. Persistencia del herbicida Imazapir en el suelo y efectos fitotóxicos sobre cultivos de invierno y de verano

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    GIANELLI, V.

    2011-04-01

    Full Text Available Imazapir es un herbicida de amplio espectro de control, perteneciente al grupo químico de las imidazolinonas. En Argentina es aplicado a gran escala en los cultivos de girasol y maíz Clearfield. Debido a su acción residual en el suelo, resulta de gran importancia determinar su persistencia fitotóxica. El objetivo de este trabajo fue determinar la persistencia fitotóxica sobre cultivos de invierno y de verano, de dos dosis de imazapir aplicado en un cultivo de girasol Clearfield. El ensayo se realizó en un suelo franco-arcilloso de Balcarce (Pcia. de Buenos Aires, siguiendo un diseño experimental en bloques completos aleatorizados con cuatro repeticiones. Los tratamientos consistieron en la aplicación de imazapir en dosis de 80 y 160 g de ingrediente activo (i.a/ha, incluyéndose un testigo sin tratar. Luego de la cosecha del girasol (marzo de 2003, se obtuvieron muestras de suelo mensualmente. Posteriormente, se efectúo un bioensayo en cámara de crecimiento con trigo, colza, girasol y maíz no tolerantes. Paralelamente, se sembró a campo maíz y girasol no tolerantes a imidazolinonas y papa, determinándose el rendimiento. Los resultados fueron analizados mediante un análisis de la varianza (p = 0.05. La persistencia fitotóxica en el bioensayo siguió el orden trigo > colza > girasol = maíz. A campo, ninguno de los cultivos evaluados mostró efectos negativos, indicando que no existió efecto residual sobre ellos.

  9. Qualidade de aplicação de herbicida em lavoura de trigo Herbicide spraying quality in wheat crop

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jorge M. Suguisawa

    2007-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi analisar a operação de aplicação de herbicida em lavoura de trigo utilizando ferramentas estatísticas da qualidade e tecnologia de sistema de informação geográfica, sendo os dados coletados em propriedade agrícola situada no Paraná. Foram considerados dois indicadores: percentagem de cobertura de gotas e densidade de gotas. Foram utilizadas, para avaliação dos resultados, técnicas da estatística descritiva, de controle de qualidade e do sistema de informação geográfica. Os resultados mostram que o processo de aplicação de defensivo avaliado apresenta irregularidade e grande variabilidade, necessitando de melhorias. Entretanto, tendo em vista a característica dos produtos utilizados (sistêmicos, pode-se considerar como razoável a qualidade da operação. A associação de técnicas de análises, como os da carta de controle, histograma de freqüência e da tecnologia SIG, permite boa caracterização do processo de pulverização empregado.This work aimed to evaluate the pesticide spraying in no tillage system using statistical quality and GIS tools. The data were collected in a farm Paraná State, Brazil. Two indicators were considered: drop coverage percentage and drop density. Tools from descriptive statistics, quality control and GIS were used in the results evaluation. The spraying process presented irregularity and high variability, demanding improvement. However, considering the characteristics of the applied pesticides (systemics, the operation could be considered as reasonable. The association of the control chart, histogram and GIS is a tool which allowed the process characterization to be done.

  10. REALIDADE AUMENTADA APLICADA AO DESIGN

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruno Chagas Alves Fernandes

    2008-07-01

    Full Text Available Este artigo apresenta o atual estado da arte da Realidade Aumentada aplicada ao design. São apresentados exemplos de aplicações da Realidade Aumentada em áreas como design de produtos, arquitetura, indústria automotiva, educação e design colaborativo. Também é apresentada uma rápida visão geral sobre as tecnologias envolvidas na criação de aplicações de Realidade Aumentada.

  11. Prevalencia de Staphylococcus aureus resistente a meticilina en infecciones de piel y partes blandas en pacientes ambulatorios

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Verónica Bermejo

    2012-08-01

    Full Text Available Recientemente se ha observado un aumento en la prevalencia de Staphylococcus aureus resistente a la meticilina (SAMR en pacientes ambulatorios con infecciones de piel y partes blandas (IPyPB. Los datos epidemiológicos locales disponibles son limitados. Se realizó un estudio descriptivo, prospectivo, de consultantes con IPyPB en la División Infectología del Hospital General de Agudos Juan A. Fernández, en el período 01/10/2009 a 31/01/2011. Fueron 130; edad mediana 36 años (RIC 25.9-43.5; hombres 61.5%. El 46.9% era HIV+. Cien cultivos (76.9%, de 100 pacientes, resultaron positivos: 83 S. aureus, 8 Streptococcus spp. y 9 con otros microorganismos. De los S. aureus aislados, 62 (74.7% fueron resistentes a oxacilina, 12 (14.4% a clindamicina, 14 (16.9% a eritromicina, 5 (6% a ciprofloxacina, presentando en algunos casos más de una resistencia. Todos fueron sensibles a rifampicina y minociclina, y 98.8% (82 a trimetoprima-sulfametoxazol. El 83.8% (52 de los pacientes con SAMR tenían algún factor de riesgo (FR, sin diferencias con los pacientes con otros aislamientos. La presentación clínica más frecuente de IPyPB / SAMR fue forunculosis: 56.4 (35/62 vs. 28.9% (11/38 en infecciones por otros microorganismos (p = 0.013. La resistencia a oxacilina fue similar entre pacientes HIV+ y negativos (79.1 vs. 70%, p = 0.179 (34/43 vs. 28/40. Concluimos que en la población estudiada se encontró una alta prevalencia de SAMR, independientemente de la serología para HIV o la presencia de FR. Las opciones de tratamiento empírico para este microorganismo son minociclina y trimetoprima-sulfametoxazol.

  12. Fluoroquinolone-resistant Streptococcus agalactiae isolates from Argentina Aislamientos de Streptococcus agalactiae resistentes a fluoroquinolona en Argentina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    D. Faccone

    2010-09-01

    Full Text Available Fluoroquinolone resistance is a growing problem that has only recently emerged in S. agalactiae. Between 2005- 2007, WHONET - Argentina network evaluated levofloxacin susceptibility in 1128 clinical S. agalactiae isolates, 10 (0,9% of which proved to be resistant . Nine of them had come from 5 hospitals (in Buenos Aires City and 4 Argentinean provinces and recovered from urine (n = 7 and vaginal screening cultures (n = 2. Three strains were also resistant to macrolides, lincosamides and B streptogramins due to the ermA gene. All nine fluoroquinolone-resistant isolates bore the same two mutations, Ser79Phe in ParC and Ser81Leu in GyrA proteins. Genetic relationships were analyzed by ApaI-PFGE and two clones were determined, A (n = 6 and B (n = 3. To our knowledge, these are the first fluoroquinolone-resistant S. agalactiae isolates detected in Latin America.La resistencia a fluorquinolonas es un problema creciente y recientemente ha emergido en aislamientos de S. agalactiae. Entre los años 2005-2007 la Red WHONET - Argentina evaluó la sensibilidad a levofloxacina en 1128 aislamientos clínicos de S. agalactiae. Se detectaron 10 cepas resistentes (0,9%. Nueve de estos aislamientos fueron derivados de 5 hospitales (4 de provincias, 1 de Ciudad de Buenos Aires y habían sido recuperados de muestras de orina (n = 7 y de cultivos vaginales (n = 2 en evaluaciones de tamizaje. Tres de estos aislamientos también fueron resistentes a macrólidos, lincosamidas y estreptograminas B, y presentaban el gen ermA. Los nueve aislamientos contenían las mismas dos mutaciones, Ser79Phe en la proteína ParC y Ser81Leu en la proteína GyrA. La relación genética fue analizada mediante ApaI-PFGE y se determinó la presencia de dos clones, A (n = 6 y B (n = 3. Estos representarían los primeros aislamientos de S. agalactiae con resistencia a fluoroquinolonas detectados en América Latina.

  13. Streptococcus pneumoniae: vigilancia molecular de aislamientos invasivos resistentes a penicilina recuperados de julio 2003 a junio 2004 en Colombia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Moreno Jaime

    2005-07-01

    Full Text Available Las infecciones neumocócicas afectan principalmente a niños y ancianos. Además, por el incremento de aislamientos resistentes a penicilina, S. pneumoniae es considerado como uno de los principales problemas de salud pública. El objetivo fue determinar las relaciones genéticas de los aislamientos
    invasores de S. pneumoniae con susceptibilidad disminuida a penicilina (SDP recuperados de julio-2003 a junio-2004. Se estudiaron 66 aislamientos utilizando la técnica de electroforesis de campo pulsado (PFGE, los patrones electroforéticos se compararon según los criterios de
    Tenover y se analizaron con el programa Fingerprinting TMII 3.0. En 12 aislamientos se identificaron los perfiles PBP, con la técnica del polimorfismo en la longitud de los fragmentos de restricción (RFLP de los genes pbp 2b, 2x y 1a, los cuales se interpretaron según lo establecido por el laboratorio. Las relaciones entre los grupos clonales y las características demográficas de los pacientes se analizaron con los programas EpiInfo 6.04 y MVSP 3.1. La mayoría de los aislamientos (71%
    presentaron el patrón PFGE B relacionado con el clon 3-España9V, seguido por los patrones C (6% agrupado con el clon 26-Colombia23F, D (4% con el clon 2-España6B y A (2% con el clon 1-España23F, los aislamientos restantes se distribuyeron en diez patrones no relacionados con clones internacionales. En los aislamientos relacionados con los clones 1, 2, y 26 se identificó el mismo perfil PBP del clon y los relacionados con el clon 3 presentaron una variante del perfil
    PBP del clon 3. En Colombia la prevalencia de aislamientos invasores resistentes a penicilina se debe a la circulación de los clones internacionales 1-España23F, 2-España6B, 3-España9V y
    26-Colombia23F.

  14. Producción de anticuerpos IgG1 anti-glucuronoxilomanana en ratones resistentes a la criptococosis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudia Parra

    2005-03-01

    Full Text Available lntroducción. Cryptococcus neoformans es un hongo ubicuo que está relacionado con infecciones oportunistas en pacientes inmunocomprometidos, especialmente los pacientes infectados con el virus de la inmunodeficiencia humana. C. neoformans posee una cápsula que contiene principalmente glucuronoxilomanana que actúa como factor de virulencia y es considerado como antígeno timo independiente tipo-2. Objetivos. Determinar la cinética de producción de las subclases de lgG específicas para la glucuronoxilomanana, medir los anticuerpos de reactividad cruzada contra el polisacárido de Streptococcus pneumoniae y determinar las subpoblaciones esplénicas de linfocitos en tres modelos de criptococosis en ratones con diferentes susceptibilidades a la infección. Materiales y métodos. Los anticuerpos fueron detectados por la técnica inmunoenzimática ELlSA después de la infección con C. neoformans en ratones moderadamente resistentes (Balb/c, resistentes (CBA/j y susceptibles (C57BL/6. Las subpoblaciones de linfocitos B se determinaron por citometría de flujo. Resultados. Se observó la producción temprana de anticuerpos lgG que coincidía con una disminución en el número de unidades formadoras de colonias de C. neoformans en pulmón. Los anticuerpos de reactividad cruzada se detectaron en las tres cepas de ratones después de la infección; fueron mayores en la cepa susceptible C57BL/6, la cual mostró el porcentaje más alto de linfocitos B, CD5+ en el bazo. En contraste, los ratones CBA/J presentaron los mayores niveles de linfocitos B, CD43+. Conclusiones. Estos hallazgos sugieren que los anticuerpos lgG específicos para la glucuronoxilomanana están implicados en la protección del hospedero contra la infección por C. neoformans y podrían estar regulados por células CD43+. También sugiere que los anticuerpos de reactividad cruzada no poseen un papel relevante en el control de la infección.

  15. RESISTÊNCIA A INSETOS EM POPULAÇÕES DE SOJA COM DIFERENTES PROPORÇÕES GÊNICAS DE GENITORES RESISTENTES RESISTANCE TO INSECTS IN SOYBEAN POPULATIONS WITH DIFFERENT GENETIC PROPORTIONS OF RESISTANT PARENTALS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Franklin Santos Pereira

    2007-09-01

    Full Text Available

    A resistência genética a insetos deve ser preconizada em programas de melhoramento de soja. Com esse objetivo avaliaram-se diferentes populações desenvolvidas para a resistência ao complexo de percevejos e para a produtividade de grãos. O material experimental envolveu populações sintetizadas a partir de cruzamentos entre genótipos resistentes (IAC-100 e IAC-17 e genótipos suscetíveis a insetos (FT-Estrela e Emgopa-316. Foram avaliadas, em nível de plantas individuais, diferentes proporções gênicas dos genitores resistentes em relação aos caracteres: período de enchimento de grãos (PEG, retenção foliar (RF, porcentagem de sementes manchadas (PSM, índice percentual de danos de vagens (IPDV, número de dias para a maturidade (NDM, altura da planta na maturidade (APM, valor agronômico (VA, peso de cem sementes (PCS e produtividade de grãos (PG. Houve diferença estatisticamente significativa (p < 0,01 entre as populações para todos os caracteres avaliados. A cultivar IAC-100 e suas populações derivadas destacaram-se principalmente para os caracteres de resistência a percevejos (RF, IPDV, PCS e PSM. Já as populações que envolveram a cultivar IAC-17 foram superiores, destacando-se para os caracteres de resistência e para os caracteres agronômicos. A população sintetizada a partir dos híbridos quádruplos apresentou a maior produtividade de grãos.

    PALAVRAS-CHAVE: Glycine max; resistência a pragas; percevejos; introgressão.

    The genetic resistance to insects should be considered in soybean breeding programs. With this objective, different populations were evaluated regarding the resistance to stink bugs and grain yield. The experimental material involving different populations was synthesized from crossings among resistant (IAC-100

  16. Acinetobacter baumannii resistente a carbapenémicos causante de osteomielitis e infecciones de la piel y los tejidos blandos en hospitales de Medellín, Colombia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Johanna Marcela Vanegas

    2015-12-01

    Conclusión. Contrario a lo reportado previamente, los resultados del estudio revelaron que la osteomielitis y las infecciones de la piel y los tejidos blandos eran los principales cuadros clínicos causados por A. baumannii resistente a carbapenémicos en instituciones de Medellín, y resaltan su importancia como agente etiológico de este tipo de infecciones.

  17. Denervação Renal com Cateter de Ablação por Radiofrequência de Ponta Irrigada em Hipertensos Resistentes

    OpenAIRE

    Staico, Rodolfo; Armaganijan, Luciana; Moreira, Dalmo; Sousa,Marcio; Borelli,Flavio; Amodeo, Celso; Melo Neto,Jônatas; Sousa, J Eduardo; Sousa,Amanda; Abizaid, Alexandre

    2014-01-01

    Introdução: Resultados de 3 anos do Symplicity HTN-1 mostraram superioridade da denervação simpática renal percutânea comparada à terapia medicamentosa em hipertensos resistentes. Entretanto, os desfechos de eficácia da denervação simpática renal percutânea no Symplicity HTN-3, primeiro ensaio controlado com procedimento simulado, não foram a...

  18. Resistência ao cisalhamento e grau de intemperismo de cinco solos na região de Lavras (MG

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    W. W. Rocha

    2002-06-01

    Full Text Available Atualmente os parâmetros da resistência ao cisalhamento dos solos podem ser uma ferramenta muito útil na estabilização de taludes e recuperação de voçorocas, bem como na adoção de práticas mecânicas de conservação para os solos agrícolas. Com o objetivo de avaliar a resistência ao cisalhamento de cinco solos da região de Lavras (MG e sua relação com o grau de intemperismo, realizou-se um experimento, utilizando uma prensa de cisalhamento direto, a qual permite ensaiar amostras indeformadas de solos. Essas amostras foram coletadas na profundidade de 0-0,03 m e submetidas ao ensaio de cisalhamento, para a definição das envoltórias de resistência e obtenção da coesão aparente (C e o ângulo de atrito interno (φ. Observou-se que C, de forma geral, foi maior para solos que apresentaram maior densidade, umidade a -0,01 MPa e maior teor de areia. Os valores de (φ foram maiores nos solos com maiores teores de argila. O Latossolo Vermelho-Amarelo distrófico (LVAd e o Argissolo Vermelho-Amarelo distrófico típico (PVAd, com densidades do solo, teores de areia e umidade a -0,01MPa maiores, apresentaram maiores resistências ao cisalhamento em relação ao Latossolo Vermelho distrófico (LVd, Cambissolo Háplico Tb distrófico (CXbd e Latossolo Vermelho distroférrico (LVdf, que apresentaram maiores teores de argila e matéria orgânica. Para a classe dos Latossolos, a resistência ao cisalhamento foi maior onde os índices Ki e Kr foram mais elevados, graças à estrutura em blocos apresentada pelo LVAd, que condicionou maior resistência ao cisalhamento. Do ponto de vista da resistência ao cisalhamento, os solos LVAd e PVAd mostraram-se mais resistentes a voçorocamento e ao preparo do solo.

  19. Dessorção do herbicida atrazina e atividade microbiana em duas classes de solos do Estado do Rio Grande do Sul Dessorption of the herbicide atrazine and microbial activity in two soil classes of Rio Grande do Sul State

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Regina Bohn Kleinschmitt

    2006-12-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi investigar a relação entre a atividade microbiana e o tipo de solo com a degradação e a dessorção de atrazina em Argissolo Vermelho Distrófico típico (PV e Vertissolo Ebânico Órtico chernossólico (VE, sob campo nativo, no Rio Grande do Sul. A quantidade de 15kg ha-1 de princípio ativo de atrazina foi aplicada a duas camadas de solo com diferentes teores de matéria orgânica e com umidade de 75% da capacidade de campo. A atividade microbiana foi monitorada pela evolução de CO2 e a determinação da atrazina em extratos de dessorção em metanol por cromatografia gasosa. A atividade microbiana não foi afetada pela aplicação do herbicida, sendo favorecida pelo maior teor de matéria orgânica nos solos. Aproximadamente 70% da quantidade aplicada de herbicida ficaram sorvidas ao solo, independentemente de sua classe. As taxas de degradação da atrazina lábil foram baixas e afetadas parcialmente pelo teor de carbono.This study was aimed at investigating the relation between microbial activity and soil type with atrazine degradation and dessorption in samples of an Argissolo Vermelho Distrófico típico (PV (Ultisol and a Vertissolo Ebânico Órtico chernossólico (VE (Mollisol collected under native grass in the State of Rio Grande do Sul, Brazil. About 15kg ha-1 of active principle of atrazine were applied to two soil layers with different organic matter contents under 75% of humidity of the water holding capacity. The microbial activity was monitored by the CO2 evolution, and the determination of atrazine in the dessorption extracts in methanol was performed by gas chromatography. The microbial activity was not affected by the herbicide doses being stimulated by the higher organic matter content in both soils. About 70% of the applied atrazine was sorbed on both soil classes. The degradation rates of the labile atrazine were low and were partially affected by the soil carbon content.

  20. Prevalencia de infección por Staphylococcus aureus resistente a meticilina en heridas crónicas en atención primaria de Lleida: estudio retrospectivo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carme Marquilles Bonet

    2015-12-01

    Full Text Available Objetivo: averiguar la prevalencia de infecciones por Staphylococcus aureus (S. aureus y S. aureus resistente a meticilina (MRSA en los cultivos de heridas crónicas en atención primaria de la región sanitaria de Lleida y valorar la prescripción de antibioterapia oral según resultado del antibiograma. Diseño: estudio transversal retrospectivo. Muestra: cultivos realizados en heridas crónicas de enero de 2010 a diciembre 2012. Resultados: se estimó una prevalencia de cultivos positivos a Staphylococcus aureus resistente a meticilina de 3,77% (intervalo de confianza IC al 95%: 2,1-5,5 y de S. aureus no resistente a meticilina de 8,79% (IC 95%: 1,1-6,1 calculado sobre el número total de cultivos registrados en este periodo. Conclusiones: la prescripción de antibióticos respecto al antibiograma es más precisa al tener como respuesta un MRSA que un cultivo de S. aureus.

  1. Sepse por Staphylococus aureus resistente à meticilina adquirida na comunidade no sul do Brasil Sepsis due to community-acquired methicillin-resistant Staphylococcus aureus in southern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciane Cristina Gelatti

    2009-08-01

    Full Text Available Staphylococcus aureus resistente à meticilina foi inicialmente descrito como um típico microrganismo adquirido em infecções nosocomiais. No entanto, nos últimos anos Staphylococcus aureus resistente à meticilina adquirido na comunidade é causa de infecções de pele e tecidos moles, mas infecções graves como pneumonia e sepse podem ocorrer. Este relato descreve um caso de sepse em criança, complicado com pneumonia secundária a lesão em partes moles por Staphylococcus aureus resistente à meticilina adquirido na comunidade no Sul do Brasil. O paciente foi atendido em Unidade de Emergência com história de ferimento provocado por trauma em membro inferior que evoluiu para celulite, pneumonia e sepse.Methicillin-resistant Staphylococcus aureus was initially described as a typical microorganism acquired in nosocomial infections. However, over recent years, community-acquired methicillin-resistant Staphylococcus aureus has been a cause of skin and soft-tissue infections. Serious infections such as pneumonia and sepsis can also occur. This report describes a case of sepsis in a child that was complicated by pneumonia secondary to soft tissue lesions that were due to community-acquired methicillin-resistant Staphylococcus aureus in southern Brazil. The patient was attended at the Emergency Unit with a history of injury caused by lower-limb trauma that evolved to cellulitis, pneumonia and sepsis.

  2. Desarrollo de la normativa sismo resistente colombiana en los 30 años desde su primera expedición

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis Enrique García

    2015-03-01

    Full Text Available El Código Colombiano de Construcciones Sismo Resistentes expedido por medio del Decreto‐Ley 1400 de 1984 fue un primer intento de normalización del diseño y construcción de estructuras en el medio nacional y estuvo vigente durante 14 años. Luego fue aprobada por el Congreso de la República la Ley 400 de 1997, al amparo de la cual se expidieron los Reglamentos de Construcción Sismo Resistente NSR‐98 (1998, que substituyó al Código de 1984, y la actualización expedida en el 2010 como Reglamento NSR‐10, hoy vigente. En este documento se hace un breve resumen del contenido de la Reglamentación Sismo Resistente colombiana, sus aciertos y los aspectos que aún faltan por implementar. Además, se hace un análisis de los aspectos jurídicos que la afectan, cómo es la reciente Ley de Bomberos, la microzonificación de ciudades intermedias y grandes, la rehabilitación sísmica de edificaciones indispensables y de atención a la comunidad, entre otros.

  3. Mistura em tanque de boro e herbicidas em semeadura convencional de girassol Tank-mix of boron and herbicides on conventional sunflower sowing

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C. Castro

    2002-04-01

    Full Text Available Os objetivos deste experimento foi avaliar a resposta do girassol às aplicações de boro (B, isoladas ou em mistura com herbicidas, e o controle de plantas daninhas por meio de experimento conduzido na Embrapa Soja, Londrina-PR. Os tratamentos foram acetochlor (1,92 kg i.a. ha-1, oxyfluorfen (0,36 kg i.a. ha-1, sulfentrazone (0,35 kg i.a.ha-1, trifluralin (1,80 kg i.a. ha-1 e as testemunhas capinada e sem capina. Todos os tratamentos foram aplicados, isoladamente ou em mistura, com 2 kg ha-1 de B (Na2B4O7.10H2 0 - bórax e H3BO3 - ácido bórico. O tratamento mais eficiente foi acetochlor mais ácido bórico; essa combinação resultou em solução mais homogênea da calda de pulverização, quando comparada com os herbicidas mais bórax. O herbicida acetochlor aplicado isoladamente ou em mistura com as duas fontes de B foi eficiente no controle da trapoeraba (Commelina benghalensis, do picão-preto (Bidens pilosa e da corda-de-viola (Ipomoea grandifolia. Os herbicidas oxyfluorfen e sulfentrazone, aplicados isoladamente ou em misturas com as duas fontes de B, foram eficientes no controle do amendoim-bravo (Euphorbia heterophylla e da corda-de-viola, respectivamente. É viável a aplicação de boro juntamente com os herbicidas testados nesta pesquisa em mistura em tanque, evitando a deficiência desse micronutriente e controlando as plantas daninhas na cultura do girassol.The objectives of this study were to determine the response of sunflower to application of boron (B fertilizer and herbicides, alone or in combination, and to determine its weed control. A field experiment was carried out at Embrapa Soja, Londrina, Parana, Brazil. The treatments were acetochlor (1.92 kg a.i. ha-1, oxyfluorfen (0.36 kg a.i. ha-1, sulfentrazone (0.35 kg a.i. ha-1, trifluralin (1.80 kg a.i. ha-1 and two controls (with and without hoeing. All treatments were applied alone or in combination with 2 kg ha-1 of B (Na2B4O7.10H2 0 - borax and H3BO3 - boric acid

  4. Potencial de espécies vegetais para a remediação do herbicida trifloxysulfuron-sodium Potential of plant species for remediation of trifloxysulfuron-sodium

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    S.O. Procópio

    2005-03-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo avaliar a eficiência de espécies vegetais na remediação do herbicida trifloxysulfuron-sodium em solos, utilizando o feijão (Phaseolus vulgaris como planta indicadora. Os tratamentos foram compostos pela combinação entre as espécies Calopogonium mucunoides, Crotalaria juncea, Crotalaria spectabilis, Vicia sativa, Cajanus cajan, Canavalia ensiformis, Medicago sativa, Dolichus lab lab, Penisetum glaucum, Stylosantes guianensis, Mucuna deeringiana, Mucuna cinereum, Mucuna aterrima, Raphanus sativus e Lupinus albus. Todas as espécies foram semeadas em vasos no dia seguinte à aplicação do trifloxysulfuron-sodium em três doses (0,00; 3,75; e 15,00 g ha-1. Após 80 dias da semeadura, as espécies vegetais foram cortadas na altura do coleto e a parte aérea destas descartada. A seguir, foi realizada a semeadura do feijão (cultivar Pérola. Aos 45 dias após a emergência das plantas de feijão avaliaram-se a altura e a massa seca da parte aérea das plantas. Melhor eficiência na descontaminação do trifloxysulfuron-sodium em solo foi obtida pelas espécies M. aterrima e C. ensiformis.This work aimed to evaluate the efficiency of vegetable species in the remediation of the herbicide trifloxysulfuron-sodium in soils using the common bean (Phaseolus vulgaris as a bio indicator. The treatments were composed by the combination of the species Calopogonium mucunoides,Crotalaria juncea, Crotalaria spectabilis, Vicia sativa, Cajanus cajan, Canavalia ensiformis, Medicago sativa, Dolichus lab lab, Penisetum glaucum, Stylosantes guianensis, Mucuna deeringiana, Mucuna cinereum, Mucuna aterrima, Raphanus sativus and Lupinus albus, sown in vases the day following application of the herbicide at three doses (0.00; 3.75; and 15.00 g ha-1. Eighty days after sowing, the plants were cut and the shoot discarded, followed by bean ("Perola" cultivar sowing. At 45 days post emergence, bean height and shoot dry matter were

  5. Absorção e translocação do herbicida diuron por espécies suscetível e tolerante de capim-colchão (Digitaria spp. Absorption and translocation of the herbicide diuron by susceptible and tolerant species of crabgrass (Digitaria spp.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    N.M.P. Dias

    2003-08-01

    Full Text Available Esta pesquisa teve o objetivo de comparar a tolerância de duas espécies de capim-colchão (Digitaria ciliaris e D. nuda ao diuron e avaliar se os processos de absorção e/ou translocação do herbicida estão envolvidos no mecanismo de tolerância. Para determinar o nível de tolerância das duas espécies de capim-colchão, plantas em estádio vegetativo de três folhas verdadeiras foram pulverizadas com diferentes doses do diuron. A partir dos resultados de massa seca das plantas coletadas aos 21 dias após aplicação (DAA, foi feito o ajuste das curvas de dose-resposta log-logístico. Os estudos de absorção e translocação do herbicida foram feitos utilizando 14C-diuron, medindo-se a radioatividade em diferentes partes das plantas a 0, 3, 6, 12, 24 e 48 horas após tratamento (HAT. Os resultados foram expressos em porcentagens obtidas em relação à radioatividade recuperada. A relação (T/S entre a dose necessária para redução do acúmulo de massa seca da planta (GR50 aos 21 DAA da espécie D. nuda e o GR50 da D. ciliaris foi de 2,7, comprovando a diferença de sensibilidade entre as espécies. Não houve diferenças nos resultados de absorção entre as espécies. A translocação foi mínima em ambas as espécies. No presente trabalho, concluiu-se que a absorção e/ou a translocação não foram os mecanismos de tolerância ao diuron presente na espécie de capim-colchão Digitaria nuda.The objective of this research was to compare the tolerance of two crabgrass species (Digitaria nuda and D. ciliaris to diuron and to evaluate whether absorption and/or translocation are involved in the mechanism of tolerance to the herbicide. In order to determine the tolerance of the crabgrass species, plants at the vegetative growth stage of three true leaves were sprayed with different rates of diuron. Dose-response curves were adjusted to plant dry biomatter at 21 days after application. The absorption and translocation studies were

  6. Resiliencia, Personalidad Resistente y Crecimiento en Cuidadores de Personas con Demencia en el Entorno Familiar: Una Revisión

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Violeta Fernández-Lansac

    2011-01-01

    Full Text Available La investigación en torno al cuidado no profesional de mayores con demencia ha proliferado a lo largo de los últimos años, constatando muchos autores que, del mismo modo en que el cuidado se asocia a un buen número de consecuencias negativas, diversos efectos positivos pueden derivarse de esta experiencia. Sin embargo, y a pesar del impacto de la corriente positiva en la actualidad, son muy escasos los estudios que valoran la personalidad resistente (hardiness, la resiliencia y el crecimiento personal en cuidadores. El presente artículo hace una revisión sistemática de las contribuciones más relevantes a este campo, a partir del análisis de nueve publicaciones. Todos estos trabajos evalúan, de un modo cuantitativo, la resiliencia, el hardiness o el crecimiento en familiares de personas con demencia. Las características y resultados de dichos trabajos serán valoradas, teniendo en consideración sus implicaciones para el estudio y la atención a los cuidadores

  7. Desempenho agronômico de cultivares de café resistentes à ferrugem no estado de Minas Gerais, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alex Mendonça de Carvalho

    2012-01-01

    Full Text Available Objetivou-se no trabalho avaliar o comportamento de 24 cultivares de cafeeiro, sendo 22 resistentes à ferrugem e duas testemunhas suscetíveis, em diferentes ambientes de Minas Gerais, a fim de contribuir para a recomendação técnica. Os experimentos foram instalados em quatro municípios (Lavras, Campos Altos, Patrocínio e Turmalina. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados com três repetições, no espaçamento de 3,5x0,7 m e parcelas de dez plantas. As avaliações de produtividade, porcentagem de grãos classificados em peneira 16 acima e vigor vegetativo referem-se a quatro colheitas (2008 a 2012. Foram avaliadas, também, a adaptabilidade e estabilidade da produtividade das cultivares. As cultivares Sabiá Tardio, Pau Brasil MG1, Obatã IAC 1669-20, Catucaí Amarelo 24/137 e IPR 103 são promissoras para as referidas regiões cafeeiras. Essas cultivares aliam estabilidade e adaptabilidade independentemente do ambiente, com desempenho agronômico superior.

  8. Como responder ao momento presente?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Filomena Molder

    2013-12-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.5007/1984-784X.2013v13n19p13 Foi com esta pergunta — já um efeito de um primeiro encontro entre Irene Pimentel e eu própria — que decidimos desafiar colegas, estudantes e funci­onários da nossa Faculdade, FCSH (Faculdade de Ciências Sociais e Huma­nas, de outras Faculdades da Universidade Nova de Lisboa, de outras Uni­versidades e todos os interessados em con­siderar e discutir em comum aquilo que se passava em Portugal e que no anúncio da Jornada de 6 de De­zembro de 2012 se descrevia como um “processo de desmantela­mento social, económico e cultural sem precedentes — pese embora tantas compara­ções, baseadas na premissa da ‘eterna repetição’ — e cujas consequências não param de exceder as previsões dos responsáveis por esse desmantelamento”. Acedendo com todo o empenho e gratidão ao convite que me foi dirigido por Humberto Brito para fazer uma resenha da Jornada a publicar no primeiro número de Forma de Vida (saúdo a revista e o título, decidi-me, no entanto, a pôr de lado a resenha, que sob a forma de “Editorial” será em breve publi­cada no blogue Responder ao Momento Presente, entre­tanto criado, conjuntamente com os textos escritos pelos nossos convidados, com as parti­cipações de pessoas que corresponderam ao nosso apelo e ainda com contri­bui­ções que se alargaram para lá da Jornada; a que se juntará uma gravação em video, também disponível no Youtube.   Texto publicado originalmente em Forma de Vida, Lisboa, n.1, fev. 2013. Agrade­cemos à autora por permitir a republicação neste número do Boletim. [N.E.

  9. Como responder ao momento presente?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Filomena Molder

    2013-06-01

    Full Text Available Foi com esta pergunta — já um efeito de um primeiro encontro entre Irene Pimentel e eu própria — que decidimos desafiar colegas, estudantes e funci­onários da nossa Faculdade, FCSH (Faculdade de Ciências Sociais e Huma­nas, de outras Faculdades da Universidade Nova de Lisboa, de outras Uni­versidades e todos os interessados em con­siderar e discutir em comum aquilo que se passava em Portugal e que no anúncio da Jornada de 6 de De­zembro de 2012 se descrevia como um “processo de desmantela­mento social, económico e cultural sem precedentes — pese embora tantas compara­ções, baseadas na premissa da ‘eterna repetição’ — e cujas consequências não param de exceder as previsões dos responsáveis por esse desmantelamento”. Acedendo com todo o empenho e gratidão ao convite que me foi dirigido por Humberto Brito para fazer uma resenha da Jornada a publicar no primeiro número de Forma de Vida (saúdo a revista e o título, decidi-me, no entanto, a pôr de lado a resenha, que sob a forma de “Editorial” será em breve publi­cada no blogue Responder ao Momento Presente, entre­tanto criado, conjuntamente com os textos escritos pelos nossos convidados, com as parti­cipações de pessoas que corresponderam ao nosso apelo e ainda com contri­bui­ções que se alargaram para lá da Jornada; a que se juntará uma gravação em video, também disponível no Youtube. Texto publicado originalmente em Forma de Vida, Lisboa, n.1, fev. 2013. Agrade­cemos à autora por permitir a republicação neste número do Boletim. [N.E.

  10. Seletividade e eficácia de controle de plantas daninhas pela associação entre óleo fúsel e herbicidas em cana-de-açúcar Selectivity and weed control efficacy of fusel oil and herbicide association in sugarcane

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    I.V. Pizzo

    2010-06-01

    Full Text Available Este trabalho objetivou estudar a seletividade da associação de óleo fúsel e herbicidas sobre cana-de-açúcar, cultivar IAC93-3046, e a eficácia de controle sobre as espécies Panicum maximum, Amaranthus deflexus, Ipomoea quamoclit, Brachiaria decumbens e Euphorbia heterophylla. O experimento foi instalado no Centro de Cana do Instituto Agronômico, localizado em Ribeirão Preto-SP, em delineamento de blocos casualizados, com 10 tratamentos e quatro repetições. As parcelas foram constituídas de seis linhas de cana-de-açúcar com 4 m de comprimento, espaçadas de 1,50 m (36 m², sendo metade semeada com plantas daninhas, para avaliação de controle, e a outra metade mantida no limpo, para avaliação da seletividade. Os tratamentos foram constituídos por herbicidas e sua associação com o óleo fúsel, sendo diuron+hexazinone (1.170+330 g ha-1; diuron+hexazinone (1.170+330 g ha-1 + óleo fúsel (25,0 L ha-1; diuron+hexazinone (819+231 g ha-1 + óleo fúsel (25,0 L ha-1; metribuzin (1.920 g ha-1; metribuzin (1.920 g ha-1 + óleo fúsel (25,0 L ha-1; metribuzin (1.344 g ha-1 + óleo fúsel (25,0 L ha-1; amicarbazone (1.400 g ha-1; amicarbazone (1.400 g ha-1 + óleo fúsel (25,0 L ha-1; amicarbazone (980 g ha-1 + óleo fúsel (25,0 L ha-1 e ausência de herbicidas. A aplicação dos tratamentos foi realizada com equipamento costal pressurizado e volume de calda correspondente a 250 L ha-1, em pós-emergência da cultura (30 cm e plantas daninhas (até 20 cm. Os herbicidas diuron+hexazinone, metribuzin e amicarbazone isolados foram eficazes no controle de todas as espécies, mas, em dose completa e 70% da dose associados com óleo fúsel, não apresentaram controle satisfatório apenas às espécies I. quamoclit e E. heterophylla. Esses mesmos tratamentos foram seletivos ao cultivar IACSP 93-3046, ao comparar com a testemunha as variáveis altura, estande, diâmetro e produção de colmos, assim como aos atributos qualitativos

  11. Aerosol Observing System (AOS) Handbook

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Jefferson, A

    2011-01-17

    The Aerosol Observing System (AOS) is a suite of in situ surface measurements of aerosol optical and cloud-forming properties. The instruments measure aerosol properties that influence the earth’s radiative balance. The primary optical measurements are those of the aerosol scattering and absorption coefficients as a function of particle size and radiation wavelength and cloud condensation nuclei (CCN) measurements as a function of percent supersaturation. Additional measurements include those of the particle number concentration and scattering hygroscopic growth. Aerosol optical measurements are useful for calculating parameters used in radiative forcing calculations such as the aerosol single-scattering albedo, asymmetry parameter, mass scattering efficiency, and hygroscopic growth. CCN measurements are important in cloud microphysical models to predict droplet formation.

  12. Associação da sulfametoxazol ao trimethoprim no tratamento da malária por Plasmodium falciparum

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joaquim Caetano de Almeida Netto

    1972-02-01

    Full Text Available A associação da suljametoxazol (SMZ ao Trimelhoprim (TMP foi ensaiada em 40 portadores de malária pelo Plasmodium falciparum, em duas etapas. Na primeira, foram observados 20 pacientes resistentes às 4-aminoquinoleinas. oligossintomáticos e com densidade parasitária baixa. A administração de 800 mg de SMZ + 160 mg de TMP a dez pacientes, em dose única, bem como, diariamente, durante 2 dias, a 10 outros, se mostrou capaz de promover o desaparecimento dos trofozitos do sangue periférico em todos os 20 casos. Seis dentre 13 pacientes deste grupo apresentaram recrudescência da parasitemia assexuada durante o período de controle, de 30 dias. Não foram observadas manifestações de intolerância. Na segunda etapa foram observados mais 20 pacientes também, em sua maioria, resistentes às 4-aminoquinoleinas, incluindo agora casos com quadro clínico severo. A administração de 1.600 mg SMZ + 320 mg de TMP, diariamente, durante 4 dias. promoveu a negativação de parasitemia assexuada em todos os pacientes dentro de um período de 82 a 96 horas. Deste grupo, 2 dentre os 20 pacientes apresentaram recrudescência clinica e parasitária no período de controle. Apenas 1 teve discreta anemia megaloblastica após o tratamento, que desapareceu espontâneamente.

  13. Produção de prolina e suscetibilidade ao glufosinato de amônio em plantas transgênicas de citrumelo Swingle Proline production by transgenic plants of Swingle citrumelo and susceptibility to glufosinate ammonium

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristine Elizabeth Alvarenga Carneiro

    2006-05-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a sensibilidade de plantas transgênicas de citrumelo Swingle com elevada produção de prolina, ao herbicida glufosinato de amônio. As plantas utilizadas apresentavam a inserção do gene mutante da enzima delta1-pirrolina-5-carboxilato sintetase (P5CS, responsável pela biossíntese de prolina. A expressão do gene p5cs em plantas transgênicas causou aumento nas quantidades de prolina em tecidos foliares, em até cinco vezes, quando comparadas às plantas-controle tratadas com 200 µM de glufosinato de amônio. As plantas transgênicas acumularam maior quantidade de NH4+ nas folhas, em relação às plantas não-transgênicas. Os danos causados pelo herbicida foram avaliados in vitro, utilizando-se discos foliares cultivados em meio MS com diferentes concentrações de glufosinato de amônio. Observou-se maior clorose em discos foliares das plantas transgênicas, o que comprova a maior suscetibilidade de plantas de citrumelo Swingle com alta produção de prolina ao herbicida.The objective of this work was to evaluate the susceptibility to glufosinate ammonium of transgenic plants of Swingle citrumelo with high proline production. The mutant gene of the enzyme delta1-pyrroline-5-carboxylate synthetase (P5CS, the rate-limiting enzyme in proline biosynthesis, was inserted into Swingle citrumelo plants. The expression of the gene p5cs caused up to 5-fold increase on the proline content in leaf tissues of transgenic plants treated with 200 µM glufosinate ammonium, when compared with control plants. Leaves of transgenic plants accumulated higher amounts of NH4+ than the nontransgenic control. The herbicide toxicity was evaluated using leaf disks cultivated in MS medium, containing different concentrations of glufosinate ammonium. The severity of the chlorosis, observed in leaf disks of transgenic plants, confirmed the higher susceptibility of Swingle citrumelo plants, with high proline production, to this

  14. Diagnosis of AOS: definition and criteria.

    Science.gov (United States)

    Croot, Karen

    2002-11-01

    Presented in this article is a discussion of current progress in behavioral, cognitive, and neuroanatomic definitions of apraxia of speech (AOS). A behavioral definition summarizes the speech symptoms that should be considered diagnostic of AOS with or without co-occurring aphasia and dysarthria. AOS is defined in cognitive terms as an impairment in the translation of phonological representations into specifications for articulation. Progress toward a neuroanatomic definition of AOS will rely on mapping the processes described by increasingly sophisticated cognitive models of normal speech production to the brain. The article describes criteria that have been proposed for differentiating apraxic from phonological and dysarthric disorders and suggests that syndrome-based approaches to the diagnosis of AOS may obscure important differences between individual presentations of apraxic disruption as well as similarities between AOS and other speech-language disorders.

  15. Caracterização molecular de Pseudomonas aeruginosa resistentes a carbapenêmicos e produtoras de metalo-β-lactamase isoladas em hemoculturas de crianças e adolescentes com câncer Molecular characterization of carbapenem-resistant and metallo-β-lactamase-producing Pseudomonas aeruginosa isolated from blood cultures from children and teenagers with cancer

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thais Ávila Fernandes

    2010-08-01

    Full Text Available INTRODUCÃO: O objetivo do estudo foi avaliar a prevalência e a disseminação de amostras de Pseudomonas aeruginosa resistente aos carbapenêmicos e produtoras de metalo-β-lactamases isoladas de hemoculturas (2000-2005 de pacientes do Instituto de Oncologia Pediátrica da UNIFESP (IOP-GRAACC. MÉTODOS E RESULTADOS: Cinquenta e seis amostras de Pseudomonas aeruginosa foram isoladas de 49 pacientes. Trinta e duas dessas amostras foram classificadas como resistentes aos carbapenêmicos pela técnica de disco difusão e submetidas a reação de PCR para detecção de genes de MBL. Dezoitos dessas 32 amostras evidenciaram o gene blaSPM-1. Oito amostras selecionadas em diferentes anos no período de estudo apresentaram o mesmo perfil genético por pulsed-field gel electrophoresis. A terapêutica antimicrobiana foi considerada adequada em apenas 23,5% dos pacientes com bacteremia por P. aeruginosa carreando blaSPM-1 e letalidade de 70,6% no período de até 30 dias após a bacteremia e uma inadequação inicial dos esquemas antibióticos utilizados CONCLUSÕES: Evidenciamos a presença de um clone de P. aeruginosa resistente aos carbapenêmicos carreando blaSPM-1 que persistiu em amostras de hemocultura pelo período de 6 anos na instituição, com alta letalidade, justificando uma vigilância epidemiológica rigorosa e uma readequação dos esquemas de terapia antimicrobianos na instituição.INTRODUCTION: The objective of this study was to evaluate the prevalence and dissemination of carbapenem-resistant and metallo-β-lactamase-producing Pseudomonas aeruginosa isolated from blood-stream samples (2000-2005 that were collected from patients admitted to the Institute of Pediatric Oncology, UNIFESP (IOP-GRAACC. METHODS AND RESULTS: Fifty-six P. aeruginosa samples were isolated from 49 patients. Thirty-two of these samples were classified as carbapenem-resistant using the disc diffusion method and were subjected to the PCR reaction in order to detect

  16. Efeito da temperatura e reação de genótipos de quiabeiro ao mofo branco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ivan Herman Fischer

    2014-03-01

    Full Text Available O quiabeiro é suscetível a várias doenças que podem causar prejuízos ao agricultor, caso não sejam manejadas. Objetivaram-se avaliar o efeito da temperatura e a reação de genótipos de quiabeiro ao mofo branco. Plantas de 30 dias inoculadas na região do colo, com e sem ferimento, com dois isolados de Sclerotinia sclerotiorum, foram mantidas por duas semanas nas temperaturas de 15; 20; 25; 30 ou 35ºC. Quatorze genótipos de quiabeiro com um e dois meses de emergência, assim como frutos no ponto de colheita comercial tiveram seus comportamentos avaliados quanto à doença. Avaliaram-se a incidência de plantas com tombamento ou mortas e o comprimento da lesão nos frutos inoculados. A doença foi favorecida por temperaturas entre 15 e 20ºC e, de maneira geral, não foram observadas diferenças entre os isolados e influência do ferimento na ocorrência da doença. Não foram encontrados genótipos de quiabeiro resistentes ao mofo branco, pois todos apresentaram incidência superior a 30% de plantas mortas, sendo as plantas mais novas mais suscetíveis, e comprimento de lesão nos frutos >6,0 cm. Entretanto, diferenças de suscetibilidade entre os genótipos foram observadas em plantas de 30 e de 60 dias e podem ser informações úteis aos produtores para escolha de cultivares em clima ameno, assim como ser exploradas em programas de melhoramento.

  17. Resistência ao choque da madeira de Platanus x acerifolia em diferentes condições de umidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael Beltrame

    2013-08-01

    Full Text Available Este estudo teve como objetivo avaliar a resistência ao choque da madeira de plátano (Platanus x acerifolia (Airton Willd. ensaiada em condições de equilíbrio a 12% de umidade e ao PSF. Para tanto, foram utilizadas árvores procedentes de duas regiões fisiográficas do Estado do Rio Grande do Sul. Os corpos-de-prova foram submetidos ao choque utilizando pêndulo de CHARPY e avaliados quanto à resistência oferecida com a aplicação da carga nos planos tangencial e radial e posições de retirada (medula-casca nas toras, nas duas regiões fisiográficas e em cada condição de umidade, de acordo com a Norma NF B51-009 (AFN, 1942. Para auxiliar na interpretação dos dados, determinou-se a massa específica aparente a 12% e saturada, teor de umidade, trabalho absorvido, coeficiente de resiliência e cota dinâmica. Dessa maneira, pôde-se verificar, por meio dos resultados, que a madeira de plátano é mais resistente ao choque na condição de madeira saturada (PSF quando comparada com a condição a 12% de umidade. Todavia, os resultados do estudo indicaram que a madeira de plátano não é recomendada para usos que dependem de sua capacidade de absorver energia e dissipá-la.

  18. Análise das alterações de tendões calcaneares e dos efeitos da dieta hiperlipídica associada ao exercício natatório

    OpenAIRE

    Carvalho, Angela Aparecida de Melo

    2015-01-01

    Atualmente a obesidade é um problema de saúde pública mundial,caracterizada pelo excesso de gordura corporal. Sabe-se que a obesidade pode provocar alterações músculo-esqueléticas, podendo inclusive influenciar negativamente os tendões. O tendão calcanear, mais resistente do corpo humano tem a função de transmitir a força gerada no músculo ao osso. Além de ser influenciado pelo sobrepeso, o tendão também tem a capacidade de responder ao exercício físico. Este trabalho teve por objetivo observ...

  19. Tratamiento quirúrgico de la tuberculosis pulmonar multidrogo resistente en el Perú: serie de 304 casos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José G. Somocurcio

    2009-07-01

    Full Text Available El tratamiento de la tuberculosis pulmonar (TB es esencialmente farmacológico, pero debido a la aparición de resistenciaa drogas, el tratamiento se ha dificultado. En ese contexto la cirugía pulmonar es una importante estrategia coadyuvantepara el tratamiento de la tuberculosis multidrogo resistente (TB MDR. Objetivo. Describir las características clínicas,resultados y complicaciones en una serie de 304 pacientes con TB MDR sometidos a terapia quirúrgica. Materiales ymétodos. Entre mayo de 1999 y enero del 2007 un total de 336 intervenciones quirúrgicas fueron realizadas en 304pacientes, pertenecientes al Programa Nacional de Control de la Tuberculosis, los cuales fueron operados por un equipoquirúrgico del Ministerio de salud, en el Hospital Nacional Hipólito Unanue y en un Centro Privado de Lima. Resultados. Lamayoría de casos fueron de sexo masculino (60% y el promedio de edad fue 28 años. Los pacientes tuvieron resistenciaa una mediana de 5 drogas. Las lesiones cavitarias fueron las más frecuentes (91.8% y la lobectomía fue el procedimientoquirúrgico más utilizado (68.4%. La morbilidad postoperatoria ocurrió en 12,8% de los casos y la mortalidad post-operatoriafue de 2%. Los pacientes fueron seguidos hasta 79,3 meses y la curación fue alcanzada en el 77,2% de los casos.Conclusiones. La cirugía pulmonar coadyuvante es una alternativa efectiva para la curación en pacientes con TB MDR.Esta estrategia debe ser incluida como parte de los programas de tratamiento de la TB MDR.

  20. POTENCIAL DEL ALMIDÓN RESISTENTE RETROGRADADO DE PAPA FRENTE A OTROS ADITIVOS FUNCIONALES USADOS EN POLLOS DE ENGORDE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    D. Rodríguez-Aguilar

    2014-01-01

    Full Text Available El almidón resistente retrogradado (AR3 de las variedades de papa Pastusa (Solanum tuberosum grupo tuberosum y Guaneña (Solanum tuberosum grupo phureja fue evaluado como aditivo funcional con características similares a la fibra dietaria y por su potencial prebiótico en pollos de engorde. Se asignaron aleatoriamente 792 pollos machos Ross de un día de edad a uno de cinco tratamientos experimentales bajo un diseño completamente al azar. Se evaluaron niveles de suplementación de 1,0% de AR3 –Pastusa (AR3P y Guaneña (AR3G–, frente a manano-oligosacáridos (MOS, 0,5%, carboximetilcelulosa (CMC, 1%, levadura comercial (LEV, 0,5% y un control sin suplementar. Los datos se analizaron mediante el procedimiento GLM del programa SAS®. MOS y AR3P mostraron el mayor peso y ganancia de peso corporal al día 42 de edad (P<0,05, MOS presentó el menor consumo de alimento frente al tratamiento CMC (P<0,05, con una mejor conversión alimenticia comparado con CMC y el control sin suplementar (P<0,05. Los grupos AR3P y AR3G tuvieron un comportamiento intermedio para la conversión de alimento. El mayor porcentaje de eficiencia americana e índice de productividad fue para MOS, seguido de AR3P frente al control sin suplementar (P<0,05. Con referencia al ingreso neto parcial por pollo fraccionado, MOS mostró el mayor ingreso comparado con AR3G, observando para los demás tratamientos un comportamiento intermedio (P<0,05. Los resultados sugieren que el AR3P tiene potencial para ser usado como un aditivo funcional en dietas para pollos de engorde durante un ciclo comercial de producción.

  1. Change in the biological characteristics of ryegrass (Lolium multiflorum) biotypes caused by resistance to the herbicide glyphosate

    OpenAIRE

    VARGAS, L.; ROMAN, E. S.; M.A. Rizzardi; SILVA, V. C.

    2005-01-01

    A resistência de biótipos de azevém ao herbicida glyphosate está alterando o manejo da vegetação de cobertura do solo em pomares de maçã. O objetivo deste trabalho foi determinar a dose de glyphosate necessária para reduzir 50% do acúmulo de matéria seca (GR50), a resposta do biótipo resistente e sensível a herbicidas graminicidas e o acúmulo de matéria seca destes biótipos durante o ciclo. Para isso, foram conduzidos três experimentos. No primeiro, os tratamentos constaram de doses crescente...

  2. Antimicrobial activity of surfactants produced by Bacillus subtilis R14 against multidrug-resistant bacteria Atividade antimicrobiana de surfactantes produzidos por Bacillus subtilis R14 frente a bacterias multidroga-resistentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo André Vicente Fernandes

    2007-12-01

    14, frente a bactérias multidroga-resistentes. Durante o cultivo em meio quimicamente definido, a tensão superficial do meio foi reduzida de 54 mN/m no início do crescimento microbiano para 30 mN/m depois de 20 h. Uma concentração de surfactante bruto de 2 g/L foi obtida depois de 40h de cultivo. Uma caracterização preliminar sugeriu que dois surfactantes foram produzidos. A avaliação antimicrobiana destes compostos foi realizada frente a vinte e nove bactérias. O perfil de multidroga-resistência foi previamente definido para Enterococcus faecalis (11 cepas Staphylococcus aureus (6 cepas, Pseudomonas aeruginosa (7 cepas e Escherichia coli IC18. Todas as cepas foram sensíveis aos surfactantes, em particular Enterococcus faecalis. Os resultados demonstraram que os lipopeptídios têm um amplo espectro de ação, incluindo microrganismos multidroga-resistentes.

  3. Avaliação da colonização nasal por Staphylococcus spp. resistenteà oxacilina em alunos de enfermagem Evaluation of nasal colonization for oxacillin resistant Staphylococcus spp. in nursing students

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eliane Patricia Lino Pereira

    2009-10-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: O gênero Staphylococcus é responsável por um grande número de infecções bacterianas em humanos, principalmente no ambiente hospitalar. OBJETIVO: Diante dessas considerações, da importância do cuidado de enfermagem e do controle de infecções hospitalares, este trabalho verificou a taxa de portadores de S. aureus e estafilococos coagulase-negativa (ECN resistentes a oxacilina em alunos do curso de enfermagem durante a formação profissional. MATERIAS E METÓDOS: Foram coletadas amostras das fossas nasais de alunos do curso de enfermagem da Faculdade de Medicina de Botucatu (FMB. RESULTADOS: Das 109 amostras de Staphylococcus encontradas, 30 (27,5% foram de Staphylococcus aureus e 79 (72,5%, de ECN. Das 79 amostras de ECN submetidas às provas de identificação, 63 (79,7% foram da espécie S. epidermidis, nove (11,4%, S. warneri, três (3,8%, S. haemolyticus, duas (2,5%, S. capitis, uma (1,3%, S. simulans e uma (1,3% S. lugdunensis. O teste de suscetibilidade a antibióticos demonstrou 100% de sensibilidade às drogas nas amostras de S. aureus e, entre as 79 amostras de ECN, 10 (12,6% foram resistentes a oxacilina. A técnica de reação em cadeia da polimerase (PCR demonstrou resultado negativo para o gene mecA nas amostras de S. aureus e 11 amostras positivas entre as espécies de ECN. DISCUSSÃO: Não houve relação entre a taxa de portadores de S. aureus e o envolvimento hospitalar durante a graduação, os resultados também demonstraram maior incidência de resistência nas amostras de ECN, semelhante ao encontrado na literatura científica.INTRODUCTION: The genus Staphylococcus is responsible for a great number of bacterial infections in human, mainly in hospital environment. OBJECTIVES: In view of these considerations and the importance of nursing care and nosocomial infection control, this study verified the rate of S. aureus and coagulase-negative Staphylococci (CNS carriers resistant to oxacillin in nursing

  4. Reproductive characteristics of the predator Podisus nigrispinus fed with an insect resistant soybean variety Características reprodutivas do predador Podisus nigrispinus alimentado com variedade de soja resistente a insetos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fausto da Costa Matos Neto

    2002-07-01

    17, e lagartas de A. gemmatalis, criadas em folhas desta cultivar. Avaliou-se a longevidade das fêmeas, períodos de pré-oviposição, oviposição e pós-oviposição, número de ovos e de posturas/fêmea, peso dos ovos, intervalo entre posturas, número de ovos/postura, porcentagem de ovos eclodidos, número de ninfas/fêmea e número total de presas mortas/fêmea de P. nigrispinus. A maioria das características avaliadas mostrou resultados semelhantes entre tratamentos, exceto o período de oviposição, que foi mais longo para fêmeas criadas no genótipo resistente que no susceptível, e a porcentagem de fêmeas que ovipositaram antes de morrer, que foi menor na IAC 17. Além disso, o genótipo IAC 17 causou maior mortalidade de fêmeas de P. nigrispinus no início de sua fase adulta e distribuição mais uniforme da produção de ovos ao longo do período adulto desse predador. Por outro lado, os resultados não sugerem efeito desse genótipo na prole do predador.

  5. Nematódeos resistentes a anti-helmíntico em rebanhos de ovinos e caprinos do estado do Ceará, Brasil Nematodes resistant to anthelmintics in sheep and goat flock in the State of Ceará, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Carolina Fonseca Lindoso Melo

    2003-04-01

    Full Text Available O controle do parasitismo por nematódeos gastrintestinais é feito basicamente com a utilização de anti-helmínticos. Falhas no controle são o primeiro sinal do aparecimento de resistência anti-helmíntica. A real situação da prevalência da resistência anti-helmíntica, em fazendas comerciais de criação de ovinos e caprinos no Brasil, é desconhecida. Esse experimento teve como objetivo, estimar a ocorrência de resistência ao oxfendazol, levamisol e ivermectina em propriedades comerciais de criação de ovinos e caprinos, na região do médio e baixo Jaguaribe, através do teste de redução na contagem de ovos nas fezes acompanhados de coproculturas. O trabalho foi realizado em 25 criações, sendo 16 de ovinos, 7 de caprinos e uma de ovinos e caprinos. Os dados obtidos foram analisados pelo programa estatístico RESO (1989. A prevalência de nematódeos resistentes ao oxfendazol, levamisol e ivermectina em ovinos foi de 88%, 41% e 59%, e em caprinos de 87,5%, 75% e 37,5%, respectivamente. Observou-se que o gênero Haemonchus foi o mais prevalente na população resistente a todos os anti-helmínticos, tanto em ovinos quanto em caprinos, seguido de Trichostrongylus e Oesophagostomum.The control of gastrointestinal nematodes parasitism is made basically with anthelmintics. Control failure is the first sign of anthelmintic resistance development. The actual situation of anthelmintic resistance prevalence in commercial farms of sheep and goats in Brazil is unknown. The aim of this work was to estimate the occurrence of oxfendazole, levamisole and ivermectin resistance in sheep and goats from medio and baixo Jaguaribe region by faecal egg count reduction followed by coprocultures. The work involved 25 farms (16 sheep farms, 7 goat farms and one of sheep and goats. Data were analysed by RESO (1989. The prevalence of resistant nematodes to oxfendazole, levamisole and ivermectin was respectively 88%, 41% and 59% in sheep and 87.5%, 75

  6. Comportamento do girassol quando cultivado em área tratada com o herbicida 2,4-D¹ Sunflower behavior when cultivated in 2,4-D treated areas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    D.L.P. Gazziero

    2001-04-01

    Full Text Available Com o objetivo de determinar o período adequado de semeadura da cultura do girassol (Helianthus annuus, em relação à aplicação de 2,4-D, foi realizado um experimento em condições de campo da área experimental da Embrapa Soja, Londrina-PR, durante o ano agrícola 1995/96. Os tratamentos estabelecidos foram doses do herbicida 2,4-D (0,0, 536 e 1.005 g e.a. ha-1 e épocas de semeadura da cultura. Dessa forma, a semeadura foi realizada um dia antes da aplicação do produto (-1 dia, no dia da aplicação (0 dia e a 1, 4, 7, 10 e 13 dias depois da aplicação do herbicida. Os resultados indicaram que o girassol sofreu injúrias mais severas nas três primeiras épocas de semeadura (-1, 0 e 1. Aumentando o tempo entre a aplicação das doses do herbicida e a semeadura do girassol, observaram-se menores danos causados à cultura. O experimento permitiu concluir que áreas tratadas com o 2,4-D nas doses de 536 e 1.005 g e.a. ha-1 podem ser cultivadas com girassol, desde que se mantenha um intervalo mínimo de quatro dias entre a aplicação do herbicida e a sua semeadura.A field assay was carried out at the "Embrapa Soja", an experimental station in Londrina, Paraná, Brazil, to evaluate the adequate timing for sunflower sowing combined with 2.4-D, during the growing season of 1995/96. The treatments consisted of three rates of 2.4-D herbicide (0.0, 536 and 1,005 g a.e. ha-1 and seven periods of sunflower sowing: -1 day (sunflower sowing was conducted one day before herbicide application; 0 day (sunflower sowing and herbicide application were conducted at the same day and sunflower sowing at one, four, seven, 10 and 13 days after herbicide application. The results showed that sunflower growth was reduced mainly when sowing occurred at a time close to the 2.4-D application. Reduced herbicide damage on sunflower plants was observed when a longer period was kept between sowing time and herbicide application. It was concluded that areas treated

  7. Herbicides synthesis and biological tests to determine its activity on the weeds; Sintesis de herbicidas y pruebas biologicas para determinar su actividad sobre la maleza

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Romero M, Artemisa [Universidad Autonoma Metropolitana-Xochimilco, Mexico, D. F. (Mexico); James M, Guillermo [Universidad Autonoma Metropolitana-Xochimilco, Mexico, D. F. (Mexico); Miramontes F, Benjamin [Universidad Autonoma Metropolitana-Xochimilco, Mexico, D. F. (Mexico); Haro C, Jorge [Universidad Autonoma Metropolitana-Iztapalapa, Mexico, D.F. (Mexico)

    1995-02-01

    Four derivatives of Dicamba (2-methoxy-3, 6-dichlorobenzoic acid) were obtained: 2-methoxy-3, 6-dichlorobenzyl alcohol, 2-methoxy-3, 6-dichlorobenzaldehyde, 2-methoxy-3, 6-dichlorobenzaldoxime, tested on weed, and 2-methoxy-3, 6-dichlorobenzylamine. The weeds were Taraxacum officinale Weber, Amaranthus silvester and Sonchus oleraceus L. The oxime did not show activity on Amaranthus silvester, all the substances were active on the other two weeds. [Spanish] Se sintetizaron cuatro derivados del herbicida Dicamba (acido 2-metoxi-3, 6-diclorobenzoico), y se hicieron pruebas de la actividad de tres de ellos sobre maleza de Xochimilco. Se probaron el alcohol 2-metoxi-3, 6-diclorobencilico, 2-metoxi-3, 6-diclorobenzaldehido, 2-metoxi-3, 6-diclorobenzaldoxima. La maleza fue Taraxacum officinale Weber (Diente de leon), Amaranthus silvester (Amaranto silvestre) y Sonchus oleraceus L. (Sonchus). En amaranto, la oxima fue el unico que no presento actividad. En diente de leon y Sonchus, todas las sustancias probadas presentaron actividad.

  8. Ação de herbicidas sobre a atividade fotossintética de plantas com metabolismo C3 e C4

    OpenAIRE

    Sousa, Camila Pinho de

    2012-01-01

    Este trabalho teve por objetivodeterminar os parâmetros fisiológicos relacionados à fotossíntese por meio de análises da fluorescência da clorofila a transiente e modulada, e das trocas gasosas de discos foliares de plantas com metabolismo C3 e C4 submetidos a herbicidas inibidores do FSII, da síntese de carotenóides e da síntese das clorofilas. O experimento foi conduzido em casa-de-vegetação e laboratórios da UFPel, no município de Capão do Leão/RS. Foram avaliados discos foliares de mil...

  9. Seletividade de herbicidas, aplicados em pós-emergência, às plantas de alfafa Selectivity of applied port-emergence herbicides in the alfafa plants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gláucia de Mello

    2000-08-01

    Full Text Available Foram conduzidos doi experimentos na UNESP/Jaboticabal, em casa-de-vegetação, com o objetivo de avaliar-se a toxicidade de diferentes herbicidas, aplicados em pós-emergênica, às plantas de alfafa. No primeiro, utilizou-se de um delineamento experimental com parcelas inteiramente casualizadas para avaliar-se os efeitos fitotóxicos dos seguintes herbicidas: MSMA, clethodim + óleo mineral, lactofen, fluazifop-pbutil, fomesafen + óleo mineral haloxyfop-methyl + óleo mineral, fenoxaprop-ethyl, chlorimuronethyl, halosulfuron + óleo mineral, nicosulfuron, acifluorfen, imazethapyr, bentazon + óleo mineral e cyanazine + simazine, todos em só dose. Foram feitas avaliações da fitotoxicidade por meio de notas, atribuídas visualmente, em função dos sintomas constatados nas plantas. A altura das plantas e o peso da matéria seca da parte área foram avaliadas no período de desenvolvimento inicial e após a primeira rebrota. No segundo experimento foi seguido mesmo esquema de instalação e condução do anterior, após escolherse os herbicidas e doses, sendo eles, o MSMA, chlorimuron-ethyl, imazethapyr, bentazon + óleo mineral, clethodim, clethodim + óleo mineral e bentazon + MSMA. Os herbicidas mais seletivos às plantas de alfafa foram haloxyfop-methyl, fluazifop-p-butil, fenoxaprop-ethyl, MSMA, imazethapyr, bentazon e clethodim isolado e adicionado de óleo mineral.Two experiments were carried out in a greenhouse, belonging to the Departamento de Defesa Fitissanitária da Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias de Jaboticabal/UNESP, with the purpose of evaluating the selectivity of different used post-emergence herbicides on alfafa plants. The experimental design was completely randomized to evaluate the phytotoxical effects of following herbicides: MSMA, clethodim plus mineral oil, lactofen, fluazifop-p-butil, fomesafen plus mineral oil, haloxyfop-methyl plus mineral oil, chlorimuron-ethyl, halosulfuron plus mineral oil

  10. Programas de manejo químico de plantas daninhas em plantio de cana-de-açúcar fundamentados em duas aplicações de herbicidas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Nicolai

    2010-12-01

    -metolachlor + (diuron + hexazinone [1.920 + (198 + 702]; S-metolachlor (2.400; tebuthiuron + ametrina (1.000 + 1.500; ametrina (2.000; ametrina + diuron (2.000 + 1.500; clomazone + ametrina (1.500 + 1.000 e testemunha sem aplicação. Conclui-se que os programas de manejo com duas aplicações de herbicidas controlaram as plantas daninhas até os 90 dias após a segunda aplicação. Aplicações de S-metolachlor, tebuthiuron e clomazone + ametrina, complementadas por metribuzin + (diuron + hexazinone, controlaram as plantas daninhas em mais de 90%, em todas as avaliações.

  11. Infecciones por Staphylococcus aureus meticilino resistente en niños en Bucaramanga Colombia Methicillin-resistant Staphylococcus aureus infections in children in Bucaramanga Colombia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis Miguel Sosa Ávila

    2010-12-01

    Full Text Available Introducción: La emergencia de infecciones, en niños, por Staphylococcus aureus meticilino resistente adquirido en comunidad (SAMR-AC constituye un problema de salud pública en varios países del mundo, sin embargo, en nuestro país hay pocos reportes sobre las características clínicas, factores de riesgo y características moleculares. Materiales y métodos Estudio descriptivo que comparó el comportamiento clínico y epidemiológico de las infecciones por S. aureus meticilino resistente y S. aureus meticilino sensible. Se detectaron los genes mecA, lukS-PV y lukF-PV por amplificación y se determinó la resistencia a antimicrobianos. Resultados: De las 39 infecciones por S. aureus entre enero de 2008 y junio de 2009, el 60% fueron por S. aureus meticilino resistente, con mayor proporción de lactantes y uso previo de antibióticos en el grupo meticilino resistente. Predominó la localización osteoarticular (54% seguida de piel y tejidos blandos (41%. En los meticilino resistentes, el gen mecA y lukS-PV y lukF-PV se detectaron en el 93% y 86% respectivamente. En el grupo meticilino resistentes y leucocidina de Panton Valentine positiva, fueron más frecuentes los abscesos subcutáneos, una mayor respuesta inflamatoria y susceptibilidad a la mayoría de los antibióticos. Conclusión: Reportamos la presencia de infecciones por SAMR - AC (LPV +, con susceptibilidad a la mayoría de los antibióticos en nuestro medio, con abscesos como foco clínico predominante y una mayor respuesta inflamatoria. Salud UIS 2010; 42: 248-255Introduction: The emergence of the infection by community-acquired methicillin-resistant S. aureus, in children, is a public health problem in many countries of the world, however, in Colombia, local dates about the clinical features, risk factors and molecular characteristic are scarce. Materials and methods: This descriptive study compared the clinical and epidemiological behavior of infections by methicillin

  12. Riesgo de aparición de cepas Staphylococcus aureus resistente a vancomicina en pacientes hospitalarios de un hospital del Perú, 2008

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A. Giancarlo Alvarado-Gamarra

    2010-01-01

    Full Text Available Objetivo, Evaluar el riesgo de aparición de cepas de Staphylococcus aureus resistente a vancomicina (VRSA a partir de la interacción de cepas de Staphylococcus aureus resistente a meticilina (MRSA y cepas de Enterococcus resistente a vancomicina (VRE. Diseño, Análisis bivariado de datos de un estudio descriptivo, transversal y retrospectivo. Lugar, Hospital Nacional Hipólito Unanue de Lima-Perú. Participantes, pacientes hospitalizados durante el año 2008. Intervenciones, Formato de registro del laboratorio del hospital. Principales medidas de resultados: Frecuencias relativas y absolutas para variables cualitativos, y medianas para variables cuantitativos, grado de asociación evaluado con odds ratio (OR con un intervalo de confianza al 95%. Resultados, Se encontró un 82,8% de cepas MRSA, mientras que en la Unidad de Terapia Intensiva (UTI se encontró un 92,1% de ellas. No se que halló cepas VRSA. El aislamiento de cepas MRSA se asoció con la procedencia de la UTI (OR=3,38, con la procedencia de Neonatología (OR=0,19, con ser paciente adulto (OR=2,87 y con la muestra de tipo sanguinea (OR=0,35. El tiempo de permanencia de los pacientes con aislamientos de cepas MRSA fue mayor que en los pacientes con cepas sensibles (p<0,007. Conclusiones, No existe riesgo de aparición de cepas VRSA a partir de la interacción de cepas MRSA y VRE en los pacientes hospitalarios de este nosocomio.

  13. Riesgo de aparición de cepas Staphylococcus aureus resistente a vancomicina en pacientes hospitalarios de un hospital del Perú, 2008

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A. Giancarlo Alvarado-Gamarra

    2012-02-01

    Full Text Available Objetivo: Evaluar el riesgo de aparición de cepas de Staphylococcus aureus resistente a vancomicina (VRSA a partir de la interacción de cepas de Staphylococcus aureus resistente a meticilina (MRSA y cepas de Enterococcus resistente a vancomicina (VRE. Diseño: Análisis bivariado de datos de un estudio descriptivo, transversal y retrospectivo. Lugar: Hospital Nacional Hipólito Unanue de Lima-Perú. Participantes: pacientes hospitalizados durante el año 2008. Intervenciones: Formato de registro del laboratorio del hospital. Principales medidas de resultados: Frecuencias relativas y absolutas para variables cualitativos, y medianas para variables cuantitativos, grado de asociación evaluado con odds ratio (OR con un intervalo de confianza al 95%. Resultados: Se encontró un 82,8% de cepas MRSA, mientras que en la Unidad de Terapia Intensiva (UTI se encontró un 92,1% de ellas. No se que halló cepas VRSA. El aislamiento de cepas MRSA se asoció con la procedencia de la UTI (OR=3,38, con la procedencia de Neonatología (OR=0,19, con ser paciente adulto (OR=2,87 y con la muestra de tipo sanguinea (OR=0,35. El tiempo de permanencia de los pacientes con aislamientos de cepas MRSA fue mayor que en los pacientes con cepas sensibles (p<0,007. Conclusiones: No existe riesgo de aparición de cepas VRSA a partir de la interacción de cepas MRSA y VRE en los pacientes hospitalarios de este nosocomio.

  14. Personalidad resistente en maratonianos: un estudio sobre el control, compromiso y desafío de corredoras y corredores de maratón

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jos\\u00E9 Carlos Jaenes S\\u00E1nchez

    2009-01-01

    Full Text Available La Personalidad Resistente se refiere a una constelación de características de personalidad relacionadas con las percepciones personales de control, compromiso y desafío, que ha sido ampliamente estudiada en relación con el estrés y su impacto en contextos de salud y laborales, entre otros, pero prácticamente ignorada en el ámbito deportivo. Sin embargo, las características que incluye este constructo son muy interesantes para la práctica y el rendimiento deportivos. El objetivo de este estudio ha sido conocer las características de Personalidad Resistente de maratonianos adultos españoles. Los resultados, pioneros hasta la fecha, nos han permitido establecer que los niveles de compromiso, control y desafío de estos deportistas son moderadamente altos y que ejercen un impacto fundamental tanto a nivel motivacional (metas propuestas y resultados esperados como de rendimiento (marcas obtenidas. Se puede diferenciar entre maratonianos con mejores y peores marcas en relación con el nivel de PR, lo cual nos permite predecir el éxito de los maratonianos en función de sus características de PR. Como consecuencia, un entrenamiento adecuado en estas aracterísticas podría resultar en mejores cotas de rendimiento. Además, estos deportistas muestran mayores niveles de Personalidad Resistente que jóvenes y adultos de la población general, lo que podría ser un beneficio derivado de la práctica deportiva muy relevante en la vida cotidiana.

  15. Dinâmica do herbicida metribuzin aplicado sobre palha de cana-de-açúcar (Saccarum officinarum Performance of metribuzin apllied on sugarcane straw

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C.V.S Rossi

    2013-03-01

    Full Text Available O herbicida metribuzin é recomendado para o controle de plantas daninhas na cultura de cana-de-açúcar. Entretanto, seu comportamento em áreas com colheita mecânica, que deixa grande quantidade de palha sobre o solo, não é bem conhecido. Este trabalho objetivou avaliar a dinâmica do herbicida metribuzin aplicado sobre diferentes quantidades de palha de cana-de-açúcar, períodos e intensidades de chuvas após a aplicação. Foram realizados três ensaios para avaliar a dinâmica do metribuzin aplicado sobre a palha de cana-de-açúcar. No primeiro, foi avaliada a interceptação do herbicida por 0, 1, 2,5, 5, 7,5, 10, 15 e 20 t de palha de cana-de-açúcar por hectare. No segundo, avaliou-se a lixiviação do metribuzin em 5, 10, 15 e 20 t de palha por hectare sob simulação de chuva de 2,5, 5, 10, 15, 20, 35, 50 e 100 mm, um dia após a aplicação (DAA. No terceiro, foi avaliado o efeito dos intervalos de tempo entre a aplicação do herbicida e a primeira chuva na lixiviação do metribuzin (0, 1, 7, 14 e 28 dias em 10 t de palha por hectare, em função das mesmas precipitações simuladas no segundo ensaio. Os resultados obtidos no segundo e terceiro ensaios foram ajustados pelo modelo de Mitscherlich. A quantificação do herbicida foi realizada por cromatografia líquida de alta eficiência. A quantidade de metribuzin que transpõe as diferentes quantidades de palha com simulação acumulada de 100 mm de chuva é diferenciada, sendo maior para 5 t ha-1 e menor para quantidades maiores, até 20 t ha-1. A simulação média de chuvas equivalentes a de 20 a 30 mm iniciais é suficiente para promover uma transposição maior que 99% do metribuzin. Este herbicida é retido quando aplicado sobre a palha de cana-de-açúcar e permanece por períodos de até 28 DAA sem chuva.The herbicide metribuzin is recommended for weed control of sugarcane crops. However, the behavior of this herbicide on the straw left on the soil surface of

  16. Alta prevalência de crianças portadoras de Streptococcus pneumoniae resistentes à penicilina em creches públicas High prevalence of children colonized with penicillin-resistant Streptococcus pneumoniae in public day-care centers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia A. G. Velasquez

    2009-12-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Investigar a prevalência de Streptococcus pneumoniae (pneumococos na nasofaringe de crianças sadias atendidas em creches municipais da cidade de Umuarama (PR. Avaliar a susceptibilidade aos antimicrobianos dos pneumococos isolados. MÉTODOS: Secreção da nasofaringe de 212 crianças foi coletada no período de abril a outubro de 2008. Após semeadura dos espécimes em ágar sangue e incubação a 37 °C por 24-48 horas, as colônias suspeitas de pertencerem a S. pneumoniae foram identificadas pela α-hemólise, sensibilidade à optoquina e bile solubilidade. A susceptibilidade à penicilina foi investigada pelos testes de disco-difusão e de diluição. A susceptibilidade aos demais antimicrobianos indicados no tratamento das infecções pneumocócicas foi realizada por disco-difusão RESULTADOS: A prevalência de pneumococos na nasofaringe foi de 43,4% (92/212, sendo maior em crianças com idade entre 2 e 5 anos (p = 0,0005. Não houve diferença significativa entre os sexos. Resistência intermediária e resistência plena à penicilina foram encontradas respectivamente em 34,8 (32/92 e 22,8% (21/92 dos isolados. Sessenta e sete amostras (72,8% foram resistentes ao sulfametoxazol-trimetoprim, oito (8,7% à eritromicina e seis (6,5% à tetraciclina. Uma amostra apresentou resistência à clindamicina (1,1%, e outra ao cloranfenicol (1,1%. Todas as amostras foram sensíveis a levofloxacina, ofloxacina, rifampicina, telitromicina, linezolide e vancomicina. Nove amostras foram consideradas multirresistentes, por apresentarem resistência a três ou mais classes de antimicrobianos. CONCLUSÕES: O presente estudo registrou uma alta prevalência de crianças portadoras sadias de amostras de S. pneumoniae resistentes à penicilina que podem constituir importantes reservatórios desse patógeno na comunidade.OBJECTIVES: To investigate the prevalence of Streptococcus pneumoniae (pneumococci in the nasopharynx of healthy children enrolled

  17. Análise comparativa entre tuberculose multirresistente e tuberculose extensivamente resistente – Epidemiologia e factores preditivos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Sofia Vilariça

    2008-11-01

    Full Text Available Resumo: Introdução: A tuberculose extensivamente resistente (TBXDR define-se como uma forma de tuberculose multirresistente (TBMR com resistências adicionais às fluoroquinolonas e, pelo menos, a um dos antibacilares injectáveis seguintes: amicacina, canamicina e capreomicina. Foi classificada pela OMS como uma ameaça séria ao controlo da tuberculose, com consequências à escala mundial, assumindo os contornos de uma autêntica pandemia em algumas regiões do globo.Objectivo: Comparar os doentes com TBXDR versus outros perfis de TBMR no que diz respeito às características demográficas e epidemiológicas, factores etiopatogénicos e evolução no internamento.Material e métodos: Doentes internados no Serviço de Pneumologia III do Hospital de Pulido Valente no período compreendido entre Abril de 1999 e Junho de 2007, com o diagnóstico de TBMR microbiologicamente confirmado. Foram analisadas as seguintes variáveis: sexo, distribuição etária, raça, formas de apresentação da TB, grupos de tratamento, perfil de resistência aos antibacilares, estatuto de imigrante, número e duração de tratamentos anteriores, classificação OMS, co-infecção VIH, alcoolismo e/ou toxicodependência, demora média do internamento e mortalidade intra-hospitalar. A análise estatística realizou-se no programa SPSS (Statistical Package for the Social Sciences, versão 15.0. Nas variáveis categoriais, as diferenças estatísticas entre os grupos foram avaliadas através do teste qui-quadrado e as variáveis numéricas através do teste t. Para a construção do modelo preditivo da presença de TBXDR (variável dependente foi utilizada a análise de regressão logística, tendo sido incluídas as seguintes variáveis independentes: classificação OMS, coinfecção VIH, estatuto de imigrante, alcoolismo e/ou toxicodepend

  18. Seleção de genótipos de pimentão resistentes à Xanthomonas campestris pv. vesicatoria (Doidge Dye. sob condições naturais de infecção Selection of pepper genotypes resistant to Xanthomonas campestris pv. vesicatoria (Doidge Dye. under natural condictions of plant infection

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hiroshi Noda

    2003-01-01

    Full Text Available Devido à ocorrência de epidemias severas de pústula bacteriana ou mancha bacteriana no pimentão, causada pela bactéria Xanthomonas campestris pv. vesicatoria (Doidge Dye., o cultivo do pimentão na várzea do Rio Solimões, próximo à Manaus, encontra-se em decadência. O INPA, desde 1976, desenvolve um Programa de Melhoramento Genético do Pimentão visando incorporar resistência ao patógeno. Neste trabalho são relatados os resultados obtidos em três ensaios, nas áreas de terra firme e várzea do Estado do Amazonas, envolvendo progênies F13 e F14 do cruzamento interespecífico entre Capsicum annuum e C. chinense, denominado HP-12, em cujas progênies vêm sendo realizadas seleções genealógicas visando obter variedades resistentes ao patógeno X. campestris pv. vesicatoria e alta capacidade produtiva, sob condição de cultivo em ambientes quentes e úmidos. Quando a população de hospedeiros foi constituída por indivíduos resistentes e suscetíveis, a curva de progresso da doença adaptou-se melhor ao modelo monomolecular, onde níveis mais elevados de resistência, conferidos por um genótipo, foram devidos à sua capacidade de restringir a velocidade do progresso da doença. Nos três ensaios, as progênies selecionadas pelo Programa apresentaram maior resistência e capacidade produtiva, quando comparadas à testemunha suscetível (Cascadura Ikeda, em condições de ocorrência da doença e verificou-se que a capacidade de produção de frutos está relacionada aos níveis de resistência do hospedeiro ao patógeno. Por outro lado, levando-se em conta os caracteres de resistência e capacidade produtiva das progênies inferiu-se que a espécie C. chinense é um recurso genético importante como fonte de resistência a X. campestris pv. vesicatoria nos programas de melhoramento do pimentão.The cultivation of pepper is decling in the floodplain ecosystem of the Solimões River, near Manaus, Amazonas, Brazil, because the

  19. Otimização de método cromatográfico para quantificação do herbicida ácido 2,4-Diclorofenoxiacético (2,4-D)

    OpenAIRE

    Andressa Sbano; João Victor Rego Ferreira; Bárbara Alvarenga Peckle; Andrew Macrae; Ida Carolina Neves Direito

    2014-01-01

    O herbicida ácido 2,4-diclorofenoxiacético (2,4-D) representa 40% de todos os herbicidas utilizados na agricultura, sendo largamente utilizado na cultura de cana de açúcar. Sua aplicação pode prejudicar o meio ambiente e a saúde humana, por ser extremamente tóxico. É necessário desenvolver um método eficaz para quantificação de pesticidas no solo e monitoramento da degradação por microrganismos do solo. O objetivo deste estudo foi desenvolver e validar um método para quantificação de 2,4-D e ...

  20. Direito e Risco: do Consumo ao Ambiente

    OpenAIRE

    Marques, Carlos Alexandre Michaello

    2014-01-01

    A presente Dissertação tem como tema de investigação “Direito e Risco: do Consumo ao Ambiente”. Para tanto, essa temática foi delimitada através da investigação sobre a capacidade do Direito a partir de uma leitura Sociológica e Antropológica de compreender e promover aprendizagem nas questões que envolvem o Risco como elemento decorrente do Consumo e que externa suas consequências ao Ambiente. Neste sentido, se direcionou a responder ao problema de saber: em que medida é possível e necessári...

  1. Efeito de alguns herbicidas na cultura do quiabeiro, em testes efetuados em casa de vegetação Effect of some herbicides on okra crop in trials performed in the greenhouse

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aldo Alves

    1970-01-01

    Full Text Available Duas variedades de quiabeiro foram testadas, em condições de casa de vegetação, com solo de textura areno-barrenta, na sua tolerância para 16 herbicidas, cada qual aplicado em uma única dose. Dentre os herbicidas aplicados em pré-plantio incorporado o triflu-ralin destacou-se no combate às ervas daninhas gramíneas e não causou nenhum dano para a planta do quiabeiro. Os herbicidas cloroxuron, linuron, norea e propachlor mostraram ótimos resultados no cambate às ervas más e quanto à tolerância dessa malvácea. Do grupo das triazinas, todos os herbicidas usados nas condições do teste provocaram danos para o quiabeiro.Two okra (Hibiscus esculentus L. varieties were tested for their tolerance to sixteen herbicides at one rate each, as a pre-planting and as a pre-emergence applications in greenhouse trials. The results with the incorporated herbicides showed that only tri-fluralin at 0,75 kg/ha active ingredient was promising to this crop. Different results were obtained with the pre-emergence applications of the group of urea and anilide herbicides. While no symptoms of injury were observed with chloroxuron, norea, linuron, and propachlor, injury symptoms were evident with diuron, fluometuron, metobromuron and siduron. The four triazine herbicides were very damaging to the okra plants. Under the conditions of these tests, only the herbicides trifluralin, chloroxuron, norea, and linuron were promising to the okra crop.

  2. Comportamento de baixas doses de herbicidas na cultura da soja (Glycine max (L. Merril: I - efeitos sobre o controle das plantas daninhas e parâmetros de produção da cultura Behavior of low-rates of herbicides in the soybean (Glycine max (L . Merril crop: I - effects on weed control and crop yield parameters

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J. C. Durigan

    1983-06-01

    Full Text Available Foi estudada a possibilidade de redução nas doses recomendadas de herbicidas, isolados ou em misturas, sem afetar a produção ou outras características desejáveis da planta, para o cultivar Santa Rosa em Solo Latossol Vermelho Escuro -fase arenosa. 0 experimento foi instalado em blocos ao acaso, com vinte tratamentos e três repetições, testando-se a dose total recomendada e reduções de 25% e 50% dela, para trifluralin, alachlor e metribuzin, isolados e em misturas. As doses recomendadas foram 0,86; 1,72 e 0,28 kg/ha de trifluralin, alachlor e metribuzin, respectivamente. As misturas com doses reduzidas, de tri-firalin + metribuzin (0,65 + 0,21 kg/ha e alachlor + metribuzin (1,44 4 0,21 kg/ha, apresentaram controle geral das plantas daninhas acima de 90% até o 60.º dia após a semeadura, sem apresentar fitotoxicidade ou efeitos deletérios sobre a nodulação da soja. O controle das plantas daninhas obtido com a redução de 25% nas doses destas misturas, foi equivalente ao da testemunha capinada e proporcionou valores similares nos teores de proteína, extrato etéreo e cinzas, peso de 100 grãos, número de grãos por vagem, altura da planta e altura da inserção da vagem mais baixa. As maiores produções de soja, obtidas com as misturas na dose total recomendada, foram estatisticamente iguais às obtidas com estes mesmos herbicidas aplicados com dose padrão reduzida em 25%. Desta forma, de acordo com as conveniências econômicas e ecológicas, sugere-se que a recomendação atual destes tratamentos seja feito com as doses reduzidas em 25%, nas condições de desenvolvimento da presente pesquisa.It was studied the feasibility of reducing there commended herbicide rate, single or in mixtures, without affecting the yield or other desirable plant features, for cultivar Santa Rosa in "Dark-Red Latossol -sandy phase". ' The trials was settled at randomized block design with treatments repplicated 3 times, testing the full recommended

  3. Detección mediante el Sistema DIRAMIC de Staphylococcus aureus resistente a meticilina (SARM) y comparación con otros métodos utilizado en la práctica clínica

    OpenAIRE

    Ángela Mariana Zayas-Tamayo; Grether Barreras-García; Estrella Álvarez-Varela

    2013-01-01

    La detección temprana de infecciones estafilocócicas resistentes a la meticilina en pacientes hospitalizados es de vital importancia para reducir la tasa de morbilidad, mo rtalidad y costos hospitalarios. El objetivo del presente estudio fue evaluar el sistema automatizado DIRAMIC para la detección de aislados clínicos de Staphylococcus aureus resistente a meticilina (SARM) y la comparación con otros métodos de detección: el método de difusión con el disco de oxacilina (1 μg) se utilizó como ...

  4. Adaptação das plantas ao fogo: enfoque na transição floresta - campo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Heringer Ingrid

    2001-01-01

    Full Text Available A presença de campos entremeados pela floresta de araucária, na região do planalto meridional sul brasileiro, surpreende os estudiosos, pois a vigorar o clima atual, de maiores precipitações, a tendência seria o desenvolvimento de vegetação florestal. Os distúrbios, sobretudo a interação fogo-pastejo, e as baixas temperaturas da região, são os grandes responsáveis pelos limites e expansão da floresta latifoliada, e predomínio daquele tipo de vegetação. A vegetação campestre e arbórea submetida por longo período a fogos recorrentes desenvolveu uma série de estratégias no sentido de tolerar, evitar ou responder ao fogo. A resposta individual das plantas ao fogo envolve alterações morfológicas e fisiológicas, enquanto, na comunidade, observam-se mudanças na dinâmica da associação entre espécies. Na vegetação campestre, as gramíneas são o componente da comunidade mais tolerante ao fogo, devido ao contínuo crescimento dos meristemas intercalares e de novos afilhos que crescem protegidos no solo ou na bainha de folhas velhas. O fogo estimula o florescimento em plantas cuja forma de crescimento evita grande perda de material na queima. Também promove a liberação de sementes através do choque térmico ou de substâncias liberadas na fumaça. Na comunidade, os efeitos do fogo sobre as plantas são sentidos em relação ao modo de sobrevivência, natureza e localização dos tecidos regenerados. O comportamento das plantas em relação à queima pode ser como dependentes (estímulo à reprodução, resistentes (estímulo ao rebrote, ou plantas que evitam o fogo (ciclo anual. Portanto, o fogo tem complexos efeitos sobre a estrutura da vegetação, sendo que espécies vegetais sensíveis e tolerantes à queima tem diferentes sítios de preferência no ambiente.

  5. Tratamiento con estatinas en pacientes pediátricos con síndrome nefrótico resistente a esteroides. Reporte de dos casos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C Sánchez-García

    2017-01-01

    Full Text Available El síndrome nefrótico se define por la asociación de proteinuria, hipoalbuminemia, hiperlipidemia y edema. El 80% de los pacientes pediátricos con síndrome nefrótico primario responde a la terapia con esteroides; el 20% restante requiere asociar otros medicamentos para alcanzar la remisión (ciclofosfamida, ciclosporina. La hiperlipidemia en el síndrome nefrótico es debida tanto a un incremento en la síntesis acompañada de disminución en la eliminación de los lípidos de la sangre; siendo la causa directa de esto la proteinuria. La hiperlipidemia incrementa el riesgo cardiovascular, así como el daño glomerular. Con base en esto, la hiperlipidemia persistente en el síndrome nefrótico resistente a esteroides debe ser tratada. Los inhibidores de la 3-hidroxi-3-metilglutaril-coenzima A (HMG-CoA reductasa han demostrado efecto antiinflamatorio, inmunomodulador y antiproliferativo. Por ello el papel de las estatinas en el síndrome nefrótico va más allá de su efecto hipolipemiante. Presentamos dos casos de pacientes pediátricos con diagnóstico de síndrome nefrótico resistente a esteroides y su evolución durante el tratamiento con ciclosporina y estatinas.

  6. Primer aislamiento en Argentina de Staphylococcus aureus resistente a la meticilina adquirido en la comunidad con sensibilidad intermedia a la vancomicina y no sensibilidad a la daptomicina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Laura Errecalde

    Full Text Available Describimos el primer caso en Argentina de Staphylococcus aureus resistente a la meticilina adquirido en la comunidad con sensibilidad intermedia a la vancomicina y no sensibilidad a la daptomicina. Caso clínico: Paciente masculino, con antecedente de insuficiencia renal crónica en hemodiálisis y osteosíntesis de cadera debido a una fractura. Se internó por síndrome febril persistente luego del desplazamiento de la prótesis por un traumatismo. Se aisló de hemocultivos S. aureus resistente a la meticilina adquirido en la comunidad. Durante el tratamiento con vancomicina y daptomicina, se observó un aumento gradual de la CIM de vancomicina de 1 µg/ml (VSSA a 2 µg/ml (h-VISA y a 4 µg/ml (VISA, y la emergencia de no sensibilidad a daptomicina (CIM = 4 µg/ml. Al suspender la vancomicina y la daptomicina, la cepa revirtió al fenotipo de sensibilidad a ambas drogas. Es mandatorio evaluar por CIM la sensibilidad a vancomicina y a daptomicina intratratamiento cuando estas drogas se usan como terapia.

  7. La personalidad resistente: Una revisión de la conceptualización e investigación sobre la dureza

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    D. GODOY-IZQUIERDO

    2002-01-01

    Full Text Available Se presenta una revisión de la formulación teórica de un constructo de personalidad, la personalidad resistente o dureza (Kobasa, 1979a, 1979b, propuesto como un recurso de resistencia y protección de la salud física y mental en virtud de su efecto amortiguador, mitigador o anulador de las consecuencias nocivas del estrés sobre el individuo. Asimismo, se presenta gran parte de los resultados de la investigación sobre la relación entre este constructo y la salud/enfermedad. El trabajo concluye con dos sugerencias fundamentales a tomar en cuenta en la investigación en torno a la dureza: la utilización de la estrategia estadística de la Obtención de Modelos mediante Ecuaciones Estructurales (Structural Equation Modeling y la determinación del papel de la dimensión de desafío respecto a la estructura de la personalidad resistente y a sus efectos sobre la asociación estrés-salud/enfermedad.

  8. Estudio de actinomicetos marinos aislados de la costa central del Perú y su actividad antibacteriana frente a Staphylococcus aureus Meticilina Resistentes y Enterococcus faecalis Vancomicina Resistentes Study of marine actinomycetes isolated from the central coast of Peru and their antibacterial activity against Methicillin-Resistant Staphylococcus aureus and Vancomycin-Resistant Enterococcus faecalis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jorge León

    2011-06-01

    Full Text Available Objetivos. Determinar el potencial antimicrobiano de actinomicetos marinos frente a cepas S. aureus meticilino-resistentes (MRSA y E. faecalis vancomicina-resistentes (VRE. Materiales y métodos. En dos medios de cultivo se sembraron 29 cepas de actinomicetos aislados de sedimento marino. Se evaluó la capacidad inhibitoria mediante pruebas de antagonismo in vitro para MRSA y VRE. Se procesó los extractos orgánicos de tres actinomicetos seleccionados para determinar la Concentración Mínima Inhibitoria (CMI del compuesto activo. Resultados. La mayoría de los actinomicetos aislados correspondieron a un grupo homogéneo de blanco-grisáceos (62% con buen nivel de crecimiento en agar marino. Los porcentajes inhibitorios fueron superiores a 85% para ambos patógenos con halos de inhibición mayores a 69 y 78 mm de diámetro para MRSA y VRE respectivamente. Los extractos diclorometánicos de tres de los actinomicetos aislados (I-400A, B1-T61, M10-77 mostraron gran potencial inhibitorio de ambos patógenos, siendo M10-77 la cepa de actinomiceto de mayor actividad antibiótica frente a S. aureus ATCC 43300 resistente a meticilina y E. faecalis ATCC 51299 resistente a vancomicina con una Concentración Mínima Inhibitoria (CMI de 7,9 y 31,7 μg/ mL respectivamente. El análisis filogenético de la cepa M10- 77 presenta un 99% de similaridad con la especie marina Streptomyces erythrogriseus. Conclusiones. El sedimento marino de la costa central del Perú es fuente promisorio de cepas de actinomicetos con gran capacidad de producir compuestos bioactivos capaces de inhibir patógenos tipificados como multidrogo-resistentes tales como S. aureus meticilino resistentes y E. faecalis vancomicina resistentes.Objectives. To determine the antimicrobial potential of marine actinomycetes against drug-resistant pathogens represented by strains of methicillin-resistant Staphylococcus aureus (MRSA and vancomycin-resistant Enterococcus faecalis (VRE. Materials and

  9. Caracterización bioquímica y molecular de aislados de Klebsiella pneumoniae resistente a antimicrobianos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Laura Margarita Castañeda

    2000-02-01

    diferentes aislados bacterianos resistentes a antibióticos, son insuficientes para discriminar un posible brote de infección nosocomial, siendo necesaria la utilización de técnicas basadas en el estudio genotípico, que logren establecer diferencias entre los aislados.

    El análisis del perfil de plásmidos es de mucha aplicabilidad, ya que permite una evaluación epidemiológica útil para determinar la diferencia o la semejanza entre los aislados sometidos a estudio. Sin embargo, no es suficiente para determinar el origen clonal de un brote y se requiere un método que permita una caracterización mas precisa de las cepas. Para este fin, se utiliza el análisis del DNA genómico, cortado con endonucleasas de restricción con baja frecuencia de corte, por medio de la electroforesis de campo pulsado (PFGE, que ha mostrado ser una buena herramienta epidemiológica, debido a su alta reproducibilidad y a su poder discriminatorio para determinar el origen clonal en varias especies bacterianas incluyendo Klebsiella pneunoniae, Este proyecto pretende determinar y caracterizar el comportamiento genético de esta resistencia en las cepas de Klebsiella pneumoniae circulantes en nuestro medio, lo que permitirá plantear estrategias epidemiológicas en el manejo y prevención de las diferentes infecciones debidas a este microorganismo.

    Objetivo general: Caracterizar bioquímica y molecularmente aislados de Klebsiella pneumoniae resistentes a antimicrobianos.

    Objetivos específicos: 1. Biotipificar los aislados de Klebsiella pneumoniae. 2. Determinar la susceptibilidad de los aislados, incluyendo la detección de la producci

  10. Avaliação de herbicidas aplicados em pós-emergência sobre e sob a palha em cana crua e o destino ambiental Evaluation of herbicides applied in post-emergence over and under straw in no-burn sugarcane and their environmental fate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L.L. Foloni

    2011-06-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a eficiência