WorldWideScience

Sample records for hipertenso arterial em

  1. Comportamento da pressão arterial em homens pré-hipertensos participantes em um programa regular de natação

    Jairo Eleotério da Silva

    2015-06-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A natação tem sido recomendada como tipo de atividade física para a prevenção, tratamento e controle da hipertensão arterial. OBJETIVO: Analisar os efeitos da prática regular de natação sobre a pressão arterial de adultos pré-hipertensos. MÉTODOS: A amostra foi composta por 36 homens pré-hipertensos divididos em dois grupos: Experimental - GE (n=24, 40,60±9,36 anos e Controle - GC (n=12, 40,57±8,05 anos. O GE realizou um programa regular de natação, com três sessões semanais de 45 min, durante 12 semanas, enquanto o GC não alterou seus hábitos alimentares e permaneceu sem praticar atividade física no período. O procedimento estatístico utilizado para verificar as diferenças entre as médias antes e depois de 12 semanas do programa regular de natação foi o teste-t de Student. O estudo admitiu o nível de p < 0.05 para a significância estatística. RESULTADOS: O grupo GE apresentou diferenças estatisticamente significativas nas variáveis analisadas quando comparadas com o GC, tanto na pressão arterial sistólica, PAS (Δ = - 5,89 mmHg, p = 0,00, como na pressão arterial diastólica, PAD (Δ = - 5,15mmHg, p = 0,00. CONCLUSÃO: Os resultados mostram que um programa regular de natação provoca reduções significativas na pressão arterial em repouso em homens pré-hipertensos.

  2. EXERCÍCIO FÍSICO AERÓBIO, RESISTIDO E COMBINADO: efeitos na pressão arterial em indivíduos hipertensos

    da Silva, Julia Spanhol; Bona, Cleiton Chiamonti

    2014-01-01

    Objetivo: analisar possíveis efeitos na pressão arterial de três sujeitos hipertensos, a partir da aplicação de três tipos de exercícios: aeróbio, resistido e combinado. Método: o estudo de caso utilizou, como instrumento, equipamento manual de verificação de pressão arterial, monitor de frequência cardíaca Polar, ficha de anotações da pressão arterial e frequência cardíaca. Os sujeitos analisados realizaram as atividades em academia do município de Passo Fundo-RS. Resultados e considerações ...

  3. Exercício físico aeróbio, resistido e combinado: efeitos na pressão arterial em indivíduos hipertensos

    Julia Spanhol da Silva

    2014-07-01

    Full Text Available Objetivo: analisar possíveis efeitos na pressão arterial de três sujeitos hipertensos, a partir da aplicação de três tipos de exercícios: aeróbio, resistido e combinado. Método: o estudo de caso utilizou, como instrumento, equipamento manual de verificação de pressão arterial, monitor de frequência cardíaca Polar, ficha de anotações da pressão arterial e frequência cardíaca. Os sujeitos analisados realizaram as atividades em academia do município de Passo Fundo-RS. Resultados e considerações finais: na PAS e na PAD, o exercício que obteve efeito hipotensor foi o resistido e na FC, o treinamento que obteve melhor resposta hipotensora foi também o treino resistido, seguido do treinamento combinado, em que o treinamento aeróbio apenas diminuiu seus valores de desvio padrão. Para tanto, conclui-se que, para estes indivíduos participantes do estudo, o melhor treinamento e os melhores resultados foram alcançados pelo treinamento resistido.

  4. Dosagem de microalbuminúria em hipertensos e em pacientes portadores de doença coronariana Determination of microalbuminuria in hypertensive patients and in patients with coronary artery disease

    Ricardo Pereira Silva

    2008-02-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A taxa normal de excreção de albumina em 24 horas é de 20 mg. A taxa persistente de 30 a 300 mg/dia é chamada de microalbuminúria (MA e está relacionada com maior prevalência de doença cardiovascular. OBJETIVO: Determinar a prevalência de microalbuminúria em um grupo de hipertensos e em um grupo de portadores de doença coronariana; e determinar a relação da presença de microalbuminúria com hipertensão arterial, diabete melitus, dislipidemia, tabagismo e obesidade. MÉTODOS:: Determinamos a presença de microalbuminúria num grupo de hipertensos (73 indivíduos e num grupo de coronariopatas (39 indivíduos, e comparamos com um grupo-controle (43 indivíduos. Considerou-se como microalbuminúria a relação albumina/creatinina maior que 30 e menor que 300 em amostra isolada de urina matinal. Na análise estatística, foram utilizados os testes do qui-quadrado e o teste exato de Fisher. RESULTADOS: A microalbuminúria esteve presente em 9,5% dos hipertensos, em 33% dos coronariopatas e não esteve presente em nenhum indivíduo do grupo-controle. Ao analisar a ocorrência de microalbuminúria segundo os diversos parâmetros clínicos, independentemente do grupo a que pertenciam, verificamos correlação estatisticamente significativa com idade, diabete e dislipidemia. CONCLUSÃO: 1 A prevalência de microalbuminúria em indivíduos hipertensos é elevada, sendo ainda mais elevada em portadores de doença coronariana; 2 existe correlação da presença de microalbuminúria com idade, diabete e dislipidemia.BACKGROUND: The normal 24-hour albumin excretion rate is of 20 mg. A persistent rate of 30 to 300 mg/day is called microalbuminuria and is related to a higher prevalence of cardiovascular disease. OBJECTIVE: 1 To determine the prevalence of microalbuminuria in a group of hypertensive patients and in a group of patients with coronary artery disease; 2 To determine the relationship between the presence of microalbuminuria

  5. Comportamento subagudo da pressão arterial após o treinamento de força em hipertensos controlados Comportamiento sub-agudo de la presión arterial después del entrenamiento de fuerza en hipertensos controlados Subacute behavior of the blood pressure after power training in controlled hypertensive individuals

    Mauro Felippe Felix Mediano

    2005-12-01

    Full Text Available Diversos estudos têm demonstrado um efeito benéfico do exercício de força sobre a redução da pressão arterial (PA pós-exercício, mas ainda são escassas as pesquisas envolvendo pessoas hipertensas. Dessa forma, o presente estudo tem como objetivo comparar as respostas de PA em sujeitos hipertensos medicados após duas sessões de exercício de força com diferentes volumes de treinamento. Para tal, foram estudados 20 indivíduos de ambos os gêneros (61 ± 12 anos com hipertensão controlada por fármacos e participantes de um programa de exercícios, porém sem experiência no treinamento de força. O estudo foi realizado em três dias não consecutivos. Primeiramente, foi determinada a carga de 10 repetições máximas em cada exercício da seqüência (supino reto, leg-press horizontal, remada em pé e rosca tríceps. Nos demais dias, os mesmos exercícios foram realizados com uma (SER1 ou três (SER3 séries. A aferição da PA foi executada pelo método auscultatório no momento pré-exercício, imediatamente após o término de cada sessão e durante 60 minutos após o término dos exercícios. A ANOVA de medidas repetidas identificou que em ambas as sessões os valores da PA sistólica (PAS e diastólica (PAD, medidos imediatamente após o término dos exercícios, foram mais elevados (p Varios estudios han estado demostrando un efecto beneficioso del ejercicio de fuerza en la reducción de la presión arterial (PA el pos ejercicio, pero todavía son escasos las investigaciones que han estudiado a las personas hipertensas. De esa manera, el estudio presente tiene como objetivo las comparaciones de las respuestas de PA en sujetos hipertensos en tratamiento medicamentoso, después de dos sesiones de ejercicio de fuerza con volúmenes de entrenamiento diferentes. Para ello, 20 individuos de ambos sexos se estudiaron (61 ± 12 años con hipertensión controlada por los fármacos y participantes de un programa de ejercicios, pero

  6. Qualidade de vida em diabéticos e hipertensos: estudo de casos em abordagem fisioterapeutica

    Melissa Medeiros Braz

    2014-09-01

    Full Text Available Objetivo: Verificar o impacto da educação em saúde sobre a qualidade de vida de indivíduos portadores de Diabetes Mellitus e/ou Hipertensão Arterial Sistêmica. Método: Trata-se de um estudo em usuários de uma Unidade Básica de Saúde da cidade de Santa Maria/RS. No estudo de casos, participaram da pesquisa, quatro mulheres da faixa etária entre 50 e 75 anos de idade, sendo que três apresentaram Diabetes Mellitus (DM e Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS e uma das mulheres apresentou apenas HAS. Todos apresentaram melhoras nos indicadores avaliados. Evidenciou-se, por meio da participação ativa dos sujeitos, que a estratégia de educação em saúde, na modalidade de grupo, poderia ser uma alternativa para promover maior adesão das pessoas ao tratamento, além de permitir maior aproximação e envolvimento dos profissionais com a realidade de saúde dos hipertensos e diabéticos.

  7. Treinamento resistido controla a pressão arterial de ratos hipertensos induzidos por l-NAME

    Ayslan Jorge Santos de Araujo

    2013-04-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A hipertensão arterial é uma síndrome multifatorial, crônica, causada tanto por fatores congênitos ou adquiridos. OBJETIVO: Avaliar os efeitos do treinamento físico resistido (TR sobre pressão arterial, reatividade e morfologia vascular de ratos hipertensos induzidos por L-NAME. MÉTODOS: Ratos Wistar machos (200-250 g foram divididos em 3 grupos: normotenso sedentário (NS, hipertenso sedentário (HS e hipertenso treinado (HT. A hipertensão foi induzida pela administração de L-NAME (40 mg/kg na água de beber por 4 semanas. A pressão arterial foi avaliada antes e após o TR. O TR foi realizado utilizando 50% de 1RM, em 3 séries de 10 repetições, 3 vezes por semana, durante quatro semanas. A reatividade vascular foi mensurada em artéria mesentérica superior por curvas concentração resposta ao nitroprussiato de sódio (NPS e fenilefrina (FEN. Além disso, foram realizadas análises histológicas e estereológicas. RESULTADOS: O TR inibiu o aumento das pressões arteriais média e diastólica. Foi observada uma redução significativa na resposta máxima e na potência da FEN entre os grupos HS e HT. A análise histológica evidenciou aspecto normal para as túnicas íntima, média e adventícia em todos os grupos. Não houve diferença significativa nas áreas do lúmen, da túnica média e total das artérias dos grupos HS e HT em relação ao NS. A razão parede/lúmen arterial do grupo HS apresentou diferença significativa em relação ao NS (p < 0,05, mas esta não foi diferente do HT. CONCLUSÕES: O TR foi capaz de prevenir a elevação da pressão arterial sob as condições deste estudo. Este controle parece envolver a regulação de mecanismo vasoconstritor e a manutenção do diâmetro luminal de ratos hipertensos induzidos por L-NAME.

  8. Estudo de potenciais interações medicamentosas em pacientes hipertensos

    Sally Cristina Moutinho MONTEIRO ; Wandson Rodrigues SOUSA1, Clemilson da Silva BARROS ; Karla Valéria Santos de CAMPOS

    2015-01-01

    Full Text Available Hipertensão arterial é uma elevação crônica da pressão arterial sistólica e diastólica e é provavelmente a doença crônica mais comum nos dias de hoje. Os portadores desse agravo necessitam de atenção especial, uma vez que muitos fazem uso de associação de medicamentos, aumentando assim o risco de interações medicamentosas. O objetivo do trabalho foi verificar potenciais interações medicamentosas com anti-hipertensivos em usuários hipertensos de uma estratégia de saúde da família, em São Luís. MA. Foi realizado um estudo quantitativo observacional de corte transversal com 60 hipertensos do Sistema de Cadastramento e Acompanhamento de Hipertensos e Diabéticos (SIS-HIPERDIA, vinculado a uma Unidade Básica de Saúde (UBS de São Luís, MA. A população estudada foi predominantemente do sexo feminino (71,67%, de cor parda (46,66%, com ensino fundamental incompleto (55% e renda familiar de até meio salário mínimo (65%. Foram observadas 70 potenciais interações medicamentosas, onde destacaram-se as interações moderadas (84,28%. As classes terapêuticas mais frequentemente envolvidas foram os anti-inflamatórios e as associações mais frequentes ocorreram entre ácido acetilsalicílico com losartana e hidroclorotiazida com captopril. Os resultados mostraram alta prevalência de potenciais interações medicamentosas na população estudada, ratificando dados encontrados na literatura. A busca do trabalho colaborativo entre prescritores e farmacêuticos deve ser constante objetivando a intensificação do processo de cuidados em saúde, o compartilhamento de conhecimentos e a integralidade do cuidado

  9. Efeitos da suplementação de potássio via sal de cozinha sobre a pressão arterial e a resistência à insulina em pacientes obesos hipertensos em uso de diuréticos Effects of potassium supplementation by salt on arterial blood pressure and insulin resistance in hypertensive obese patients on diuretic therapy

    Maria Alice de Gouveia Pereira

    2005-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar os efeitos da suplementação de potássio, por intermédio do sal de cozinha contendo cloreto de potássio, associada à dieta hipocalórica e à atividade física aeróbica, sobre a pressão arterial e índices de resistência à insulina em pacientes hipertensos com obesidade abdominal. MÉTODOS: Estudo prospectivo duplo-cego, randomizado, em 22 pacientes hipertensos com excesso de peso (índice de massa corporal >27kg/m² e controle insatisfatório da pressão arterial durante o uso de diuréticos pressão arterial sistólica >140 e 90 e OBJECTIVE: The objectives of the present study were to evaluate the effects of oral potassium supplementation, associated with a hypocaloric diet and aerobic exercises, on plasma potassium levels, blood pressure and insulin resistance, in centrally obese, not well controlled hypertensive patients on diuretic therapy; waist to hip ratio >0.85 in women, and >0.95 in men; systolic blood pressure >140mmHg and 90mmHg and <105mmHg. METHODS: This was a prospective double-blind randomized study including 22 patients divided in 2 groups: sodium chloride n=10, and potassium chloride n=12. For 12 weeks, each group received cooking salt containing, either 100% sodium chloride, or 50% sodium chloride and 50% potassium chloride. All patients were submitted to a hypocaloric diet and advised to increase their physical activity; a 40-minute walk three times a week. Before and after the study period, all patients were submitted to determinations of body mass index, body composition, waist circumference, sodium and potassium urinary excretions, sodium and potassium serum levels, 24h ambulatory blood pressure monitoring, oral glucose tolerance test with serum insulin measurements at fasting and 120 minutes after glucose load, and serum lipid profile. RESULTS: In both groups, no changes were observed in serum sodium and potassium levels, in blood glucose and insulin levels, insulin resistance indexes and serum

  10. Comportamentos em saúde entre idosos hipertensos, Brasil, 2006 Comportamientos en salud entre ancianos hipertensos, Brasil, 2006 Health behaviors among older adults with hypertension, Brazil, 2006

    Maria Fernanda Furtado de Lima e Costa

    2009-11-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estimar as prevalências de comportamentos prejudiciais à saúde e de outros fatores de risco cardiovascular entre idosos com hipertensão auto-referida e comparando-as com de não-hipertensos. MÉTODOS: Foram utilizados dados do sistema de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (VIGITEL, referentes aos 9.038 idosos residentes em domicílios com pelo menos uma linha telefônica fixa nas 26 capitais brasileiras e no Distrito Federal em 2006. RESULTADOS: A prevalência de hipertensão auto-referida foi de 55% (IC 95%: 53;57. A maioria dos hipertensos apresentava concomitância de três ou mais fatores de risco (69%; IC 95%: 67;71. Foram observadas altas prevalências de atividades físicas insuficientes no lazer (88%; IC 95%: 86;89 e do consumo de frutas e hortaliças inferior a cinco porções diárias (90%; IC 95%: 88;90 entre hipertensos, seguidas pela adição de sal aos alimentos (60%; IC 95%: 57;63, consumo habitual de carnes gordurosas (23%; IC 95%: 21;25, tabagismo (9%; IC 95%: 7;10 e consumo abusivo de álcool (3%; IC 95%: 2;4. Essas prevalências foram semelhantes às observadas entre não hipertensos (p >0,05, exceto tabagismo. A prevalência do tabagismo foi menor entre hipertensos (razão de prevalência ajustada [RPA] = 0,75; IC 95%: 0,64;0,89 e as prevalências de sobrepeso (RPA= 1,37; IC 95%: 1,25;1,49, dislipidemia (RPA 1,36; IC 95%: 1,26;1,36 e diabetes (RPA= 1,37; IC 95%: 1,27;1,37 foram mais altas. CONCLUSÕES: Os resultados sugerem que, exceto tabagismo, os comportamentos prejudiciais à saúde entre idosos persistem após o diagnóstico da hipertensão arterial.OBJETIVO: Estimar las prevalencias de factores de riesgo de comportamientos y otros factores de riesgo cardiovascular entre ancianos con hipertensión auto-referida, comparándolas con las de no hipertensos. MÉTODOS: Fueron utilizados datos del Sistema de Vigilancia de Factores de Riesgo y Protecci

  11. Avaliação da pressão arterial em bombeiros militares filhos de hipertensos através da monitorização ambulatorial da pressão arterial Using ambulatory blood pressure monitoring to assess blood pressure of firefighters with parental history of hypertension

    Carlos Eduardo de Mattos

    2006-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a influência do antecedente familiar de hipertensão arterial sistêmica (HASF sobre o efeito do estresse do trabalho em bombeiros militares comunicantes (BMC, através da monitorização ambulatorial da pressão arterial (MAPA. MÉTODOS: Estudo prospectivo caso-controle. Foi realizada a MAPA em 66 BMC saudáveis, durante 12 horas de trabalho na central de comunicações (CC, sendo 34 filhos de hipertensos (grupo 1 e 32 filhos de normotensos (grupo 2. RESULTADOS: O grupo 1 diferiu do grupo 2, pois apresentou, no trabalho, maiores médias sistólicas (134,1 ± 9,9 mmHg X 120,8 ± 9,9 mmHg p OBJECTIVE: To evaluate the influence of family history of systemic arterial hypertension (FSAH on the effect of stress from work in Uniformed Firefighters (BMCs through Ambulatory Blood Pressure Monitoring (ABPM. METHODS: A prospective case-control study. Sixty-six healthy BMC underwent ABPM during 12 hours of work at the Communication Center (CC. Thirty-four had hypertensive parents (group 1 and thirty-two had normotensive parents (group 2. RESULTS: Group I differed from group 2 in that it showed higher mean systolic (134.1 ± 9.9 mmHg X 120.8 ± 9.9 mmHg p < 0.0001 and diastolic (83.8 ± 8.3 mmHg X 72.9 ± 8.6 mmHg p < 0.001 blood pressure, in addition to greater systolic (31.4 ± 25.6 % X 9.4 ± 9.4 % p = 0.0001 and diastolic (28.3 ± 26.6 % X 6.1 ± 8.9 % p = 0.0001 loads. The prevalence of systemic arterial hypertension (SAH in group 1 at the workplace was 32.3%. Monitored away from the job, these subjects showed normal blood pressure (functionally hypertensive. Group 2 revealed normal blood pressure (BP at work. CONCLUSION: Higher blood pressure in BMC with hypertensive parents is explained independently by the SAH. Subjects who developed SAH during their work at the CC may be considered functionally hypertensive, whereas those with normotensive parents and who underwent psychological stress are free of blood pressure changes.

  12. Cicatrização de feridas: estudo comparativo em ratos hipertensos não tratados e tratados com inibidor da enzima conversora da angiotensina

    Maria de Lourdes Pessole Biondo-Simões

    Full Text Available OBJETIVO: Reconhecer a interferência do captopril na cicatrização de feridas cutâneas de ratos hipertensos. MÉTODOS: Distribuíram-se 111 ratos em quatro grupos: controle normotenso (N=30; controle hipertenso (N=30, os quais receberam 1 ml/dia de solução de cloreto de sódio a 0.9% por via oral; grupo experimento (N=31, hipertensos que receberam 7,5mg/kg/dia de captopril e um grupo aferição (N=20, 10 hipertensos e 10 normotensos, nos quais aferiu-se a pressão na aorta abdominal, no último dia de experimento. Após 15 dias de medicação, fez-se uma incisão da pele e da tela subcutânea, na região médio-dorsal dos grupos I, II e III, seguida de síntese. Ressecaram-se as cicatrizes de 10 animais de cada grupo, no 4.º, 7.º e 14.º dias após a operação, que divididas em duas partes foram enviadas para a tensiometria e para análise histológica. RESULTADOS: A pressão arterial média de 83,18 ± 7,51 mmHg nos normotensos e 151,36 ± 10,51 mmHg nos hipertensos. As cicatrizes dos hipertensos tratados e não tratados eram menos resistentes que as dos normotensos, nos tempos iniciais (p<0,05 e que ao 14.º dia as resistências se igualaram. Não houve diferença entre o grupo tratado e o não tratado. A densidade de colágeno total foi maior nos normotensos em todos os tempos (p<0,05 e não houve diferença entre hipertensos tratados e não tratados. A epitelização, a reação inflamatória e a formação do tecido de granulação foi semelhante nos três grupos. CONCLUSÕES: O captopril, em ratos, não modifica a cicatrização, ficando as diferenças relacionadas à hipertensão.

  13. Alteração de taxa de filtração glomerular em pacientes hipertensos do município de Vitória-ES

    Cynthia Perin Passigatti

    2014-07-01

    Full Text Available Como monitorização da função renal, utiliza-se a estimativa da filtração glomerular (FG. Neste estudo, objetivou-se estimar a FG mediante a equação de Cockcroft-Gault em hipertensos atendidos no município de Vitória-ES. Estudo transversal de dados secundários com 754 hipertensos atendidos nas unidades de saúde, em 2009. Para análise estatística, utilizou-se o teste quiquadrado. Predominou o sexo feminino, excesso de peso e pressão arterial não controlada. A média de idade foi de 58,18 anos (±13,52 e da creatinina sérica (CrS 0,81mg/dl (±0,28. A prevalência da FG reduzida foi de 19% quando de 30 a 59ml/min e 1,6% quando de 29 a 15ml/min; e apresentou-se 15 vezes maior em idosos, 4,93 vezes maior naqueles com CrS elevada, 2,19 vezes nos hipertensos com baixo peso e 1,6 vez mais prevalente em homem. O estudo evidenciou a importância de monitorar a função renal com vistas à intervenção precoce e retardamento da perda da função renal em hipertensos.

  14. Efeito agudo e crônico do exercício físico aeróbio na pressão arterial em pré-hipertensos

    Ribeiro,Marcelle de Paula; Laterza,Mateus Camaroti

    2014-01-01

    Estudos reportam que mesmo antes do desenvolvimento da hipertensão arterial, o aumento dos valores de pressão arterial de repouso está diretamente correlacionado com maior probabilidade de desenvolvimento de eventos cardiovasculares. Diante disso, em 2003, uma nova categoria denominada pré-hipertensão foi introduzida para estabelecer maior atenção a esse segmento da população associado ao alto risco cardiovascular. Por outro lado, o exercício físico tem sido considerado uma estratégia positiv...

  15. Influência de programas não-formais de exercícios (doméstico e comunitário sobre a aptidão física, pressão arterial e variáveis bioquímicas em pacientes hipertensos Influencia de los programas no formales de ejercicios (doméstico y comunitario sobre la aptitud física, presión arterial y variables bioquímicas en pacientes hipertensos Influence of domestic and community exercise programs on the physical fitness, arterial blood pressure, and biochemical variables in hypertensive patients

    Vivian Liane Mattos Pinto

    2003-10-01

    Full Text Available Fundamentos e objetivo: O exercício físico é aceito como estratégia complementar no tratamento da hipertensão arterial. Contudo, são poucos os estudos que analisaram o efeito potencial de programas cujo controle do volume de treinamento é menos estrito, principalmente os não-supervisionados. Assim, o estudo investigou os efeitos de dois programas não-formais de exercício sobre a pressão arterial, aptidão física e perfil bioquímico sanguíneo de adultos hipertensos. Métodos: Foram acompanhados por 18 meses participantes um programa de exercícios não-supervisionado (extramuros (n = 29; idade = 53 ± 11 anos e outro de tipo comunitário (ginástica (n = 42; idade = 62 ± 9 anos. Foram analisados os níveis de pressão arterial, aptidão física (peso corporal, percentual de gordura, IMC, somatório de dobras, relação cintura-quadril, capacidade cardiorrespiratória e variáveis bioquímicas (colesterol total, LDL, HDL, triglicerídeos e glicemia. O programa extramuros consistia em atividades programadas para serem feitas em casa (caminhada e flexibilidade, três vezes por semana, com treinamento dos sujeitos para controle da intensidade e duração das atividades e preenchimento de fichas individuais, que eram entregues periodicamente à equipe de pesquisa. O programa comunitário envolvia atividades ginásticas em grupo, ministradas por profissionais de educação física, também feitas três vezes por semana. Em ambos os programas, as variáveis foram medidas trimestralmente e os dados tratados por meio de ANOVA para medidas repetidas (p Fundamentos y objetivos: El ejercicio físico es aceptado como estrategia complementaria del tratamiento de la hipertensión arterial. Con todo, son pocos los estudios que analizarán los efectos del potencial de los programas cuyo control de volumen de entrenamiento es menos estricto, principalmente los que no son supervisados. De esta manera, el estudio investigó los efectos de dos

  16. Exercise training program based on minimum weekly frequencies: effects on blood pressure and physical fitness in elderly hypertensive patients Programa de exercícios físicos baseado em frequência semanal mínima: efeitos na pressão arterial e aptidão física em idosos hipertensos

    Wilson M. De Moraes

    2012-04-01

    Full Text Available BACKGROUND: Exercise training (ET can reduce blood pressure (BP and prevent functional disability. However, the effects of low volumes of training have been poorly studied, especially in elderly hypertensive patients. OBJECTIVES: To investigate the effects of a multi-component ET program (aerobic training, strength, flexibility, and balance on BP, physical fitness, and functional ability of elderly hypertensive patients. METHODS: Thirty-six elderly hypertensive patients with optimal clinical treatment underwent a multi-component ET program: two 60-minute sessions a week for 12 weeks at a Basic Health Unit. RESULTS: Compared to pre-training values, systolic and diastolic BP were reduced by 3.6% and 1.2%, respectively (pCONTEXTUALIZAÇÃO: O treinamento físico (TF é capaz de reduzir a pressão arterial (PA e prevenir o declínio da capacidade funcional. Entretanto, pouco tem sido estudado sobre os efeitos de menores volumes de treinamento em idosos com hipertensão arterial (HA. OBJETIVOS: Investigar os efeitos de um programa de TF multicomponente (treinamento aeróbico, força, flexibilidade e equilíbrio na PA, aptidão física e capacidade funcional de idosos com HA. MÉTODOS: Trinta e seis idosos com HA e tratamento clínico otimizado foram submetidos a um programa de exercícios físicos multicomponente, com duas sessões semanais de 60 minutos cada, durante 12 semanas, em uma Unidade Básica de Saúde (UBS. RESULTADOS: Comparados aos valores antes do TF, observou-se redução de 3,6% da PA sistólica (p<0,001, de 1,2% da PA diastólica (p<0,001, de 1,1% do índice de massa corporal (IMC (p<0,001 e de 2,5% da glicemia periférica em jejum (p=0,002. Observou-se melhora em todos os domínios da aptidão física, como força muscular (testes de levantar da cadeira e flexão de cotovelos, p<0,001; equilíbrio estático (teste de apoio unipodal, p=0,029, capacidade aeróbica (teste de marcha estacionária, p<0,001, com exceção da flexibilidade

  17. Autonomic modulation of arterial pressure and heart rate variability in hypertensive diabetic rats Modulação autonômica da pressão arterial e variabilidade da freqüência cardíaca em ratos hipertensos e diabéticos

    Vera de Moura Azevedo Farah

    2007-01-01

    Full Text Available OBJECTIVE: The aim of the present study was to evaluate the autonomic modulation of the cardiovascular system in streptozotocin (STZ-induced diabetic spontaneously hypertensive rats (SHR, evaluating baroreflex sensitivity and arterial pressure and heart rate variability. METHODS: Male SHR were divided in control (SHR and diabetic (SHR+DM, 5 days after STZ groups. Arterial pressure (AP and baroreflex sensitivity (evaluated by tachycardic and bradycardic responses to changes in AP were monitored. Autoregressive spectral estimation was performed for systolic AP (SAP and pulse interval (PI with oscillatory components quantified as low (LF:0.2-0.6Hz and high (HF:0.6-3.0Hz frequency ranges. RESULTS: Mean AP and heart rate in SHR+DM (131±3 mmHg and 276±6 bpm were lower than in SHR (160±7 mmHg and 330±8 bpm. Baroreflex bradycardia was lower in SHR+DM as compared to SHR (0.55±0.1 vs. 0.97±0.1 bpm/mmHg. Overall SAP variability in the time domain (standard deviation of beat-by-beat time series of SAP was lower in SHR+DM (3.1±0.2 mmHg than in SHR (5.7±0.6 mmHg. The standard deviation of the PI was similar between groups. Diabetes reduced the LF of SAP (3.3±0.8 vs. 28.7±7.6 mmHg2 in SHR, while HF of SAP were unchanged. The power of oscillatory components of PI did not differ between groups. CONCLUSIONS: These results show that the association of hypertension and diabetes causes an impairment of the peripheral cardiovascular sympathetic modulation that could be, at least in part, responsible for the reduction in AP levels. Moreover, this study demonstrates that diabetes might actually impair the reduced buffer function of the baroreceptors while reducing blood pressure.OBJETIVO: O objetivo do presente estudo foi investigar a modulação autonômica do sistema cardiovascular em ratos espontâneamente hipertensos (SHR e diabéticos por estreptozotocina (STZ, avaliando a sensibilidade do reflexo barorreceptor e a variabilidade da pressão arterial e da

  18. Diagnósticos de Enfermagem em trabalhadores hipertensos de uma empresa de transporte urbano coletivo

    Rosa Maria Scanavini Pavan

    2005-08-01

    Full Text Available O presente trabalho consistiu da análise, através de estudo exploratório, dos diagnósticos de enfermagem mais freqüentes em trabalhadores hipertensos de uma empresa municipal de transporte urbano na cidade de Araras/SP. O trabalho foi conduzido por graduandos e enfermeiras docentes de uma universidade do interior paulista, durante o ensino prático de sistematização da assistência de enfermagem. Foram atendidos 205 trabalhadores adultos efetivos da empresa e utilizado o histórico de enfermagem, sendo destacadas a entrevista de enfermagem e o exame físico direcionado para a hipertensão arterial, doença crônica que se caracteriza pelo aumento dos valores das pressões sistólica e/ou diastólica, afetando cerca de vinte milhões de brasileiros. Foram identificados os três diagnósticos (déficit de conhecimento sobre a doença; distúrbio do padrão de sono e nutrição alterada, com ingestão maior do que as necessidades corporais por padrões de respostas humanas (conhecer, trocar, mover. A característica definidora levantada foi a verbalização do problema de falta de conhecimento sobre a doença – mesmo alguns trabalhadores já tendo recebido orientações médicas a respeito, e os fatores relacionados foram a falta de experiência prévia com esta patologia, baixa escolaridade e desinteresse quanto a maiores informações sobre a hipertensão arterial. Diante desses resultados, tornam-se prementes mais estudos direcionados à maior efetividade de propagação de informações sobre a doença e incentivos à detecção precoce, bem como aos procedimentos preventivos e à adesão aos tratamentos que possibilitarão a todos uma vida com qualidade e sem riscos.

  19. Variaciones de riesgo en valores de tensión arterial en pacientes hipertensos durante procedimientos odontológicos

    Gloria C Aranzazu-Moya

    2014-08-01

    Full Text Available Introducción: Las variaciones de Tensión Arterial (TA de origen fisiológico son frecuentes; sin embargo, los procedimientos durante la consulta odontológica podrían generar variaciones a valores de riesgo de TA que pueden alterar el estado sistémico, o generar complicaciones médicas que comprometen la integridad del paciente. Objetivo: Identificar factores que generan variaciones de riesgo de la Tensión Arterial durante los procedimientos odontológicos en pacientes hipertensos y no hipertensos. Materiales y métodos: Se diseñó un estudio observacional descriptivo, en 108 pacientes. Se evaluaron tanto hipertensos como no hipertensos, incluidos por un muestreo probabilístico por conglomerados; se evaluaron variables sociodemográficas, presión arterial antes, durante y después del procedimiento, factores de riesgo cardiovascular y aquellas dependientes del procedimiento. Los datos se procesaron en el programa SPSS 21, utilizando medidas de tendencia central y dispersión, desviación estándar (DE e intervalos de confianza (IC, frecuencias, chi 2, T test, diferencia de medias, ANOVA de una vía y medidas repetidas. Resultados: La edad media fue 62,3 años con DE 12,5 años; 42(38,9% fueron no hipertensos y 66(61,1% hipertensos. Las variaciones de presión sistólica mayor a 20mmHg y diastólica mayor a 10mmHg se presentaron en mayor porcentaje en los hipertensos con control errático. Así mismo las variaciones fueron superiores en mujeres y en procedimientos sin uso de anestésico. Según el tipo de hipertensión, se encontraron diferencias entre el grupo de sanos con los grupos control errático, mal control y sin control. Al aplicar un modelo lineal de medidas repetidas, se encontraron diferencias en las tres mediciones en los diferentes tipos de hipertensión. Conclusiones: Los factores relacionados a variaciones de riesgo fueron el control errático, sexo femenino y duración del procedimiento.

  20. Controle pressorico e adesao/vinculo em hipertensos usuarios da Atencao Primaria a Saude

    Christiana Souto Silva

    2013-06-01

    Full Text Available Estudo descritivo e analítico, de base populacional, realizado com uma amostra aleatória e probabilística de 340 hipertensos, representativa da Estratégia Saúde da Família (ESF de João Pessoa, PB. O estudo compõe a primeira parte de uma coorte iniciada em 2008. O instrumento utilizado foi adaptado do Primary Care Assessment Tool, revalidado no Brasil. A regressão logística avaliou a associação entre o controle pressórico, as variáveis sócio-demográficas e o indicador de adesão/vínculo. Dentre os 340 hipertensos, 32,6% era acompanhado pela ESF e 89,1% apresentou adesão/vínculo satisfatória. Os idosos apresentaram maior chance de controlar a pressão, o que sugere uma percepção melhor do autocuidado e maior adesão ao tratamento. O estudo permitiu dar visibilidade à problemática do controle da hipertensão por meio da avaliação do serviço. Espera-se que esse modelo possa ser adotado em outras localidades, gerando parâmetros para comparações entre municípios distintos.

  1. Associação do polimorfismo do gene da enzima conversora da angiotensina com dados ecocardiográficos em jovens normotensos filhos de hipertensos

    Franken Roberto Alexandre

    2004-01-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Os autores objetivaram no presente estudo avaliar o polimorfismo da enzima conversora da angiotensina com dados do ecocardiograma de jovens estudantes de Medicina, filhos de hipertensos, comparados com jovens filhos de normotensos. MÉTODOS: Foram estudados 80 jovens normotensos divididos em dois grupos: 40 filhos normotensos de pais hipertensos e 40 filhos normotensos de pais hipertensos. Critérios de exclusão foram hipertensão arterial, fumo, obesidade, uso de contraceptivos orais. Uso crônico de medicamentos e presença de qualquer doença. Os alunos foram incluídos entre 1994 e 1996. Cinqüenta alunos foram submetidos a ecocardiograma transtoráxico. A análise estatística foi feita através do teste T de Student. A avaliação do polimorfismo do gene da enzima conversora da angiotensina foi feita nos 80 alunos conforme segue: 1 5 ml de sangue em tubo contendo EDTA, 2 extração do DNA, 3 medida da concentração do DNA por eletroforese, 4 reação em cadeia de polimerase com ''primer'' do gene da enzima conversora da angiotensina, 5 análise do polimorfismo do gene da enzima conversora da angiotensina através da eletroforese e 6 análise estatística através do teste do Qui-quadrado. RESULTADOS: O grupo de estudantes filhos de hipertensos mostraram maior espessura do septo interventricular (7,82mm+/-0,69 contra 7,38 +/- 0,8, p 7,82mm; DD 32%, DI 24%, II 20% contra septo 7,38mm: DD28%, DI12%, II 12%, contra septo 131,52g: DD 20,69% DI 13,79%, II 6,9% contra massa 117,11g: DD 30,43%, DI 8,7%, II 8,7% contra massa < 117,11g: DD 13,04%, DI 21,74%, II 17,39% (p=0,17 CONCLUSÃO: Encontramos diferenças entre a espessura do septo interventricular de estudantes normotensos filhos de hipertensos e filhos de normotensos. Por outro lado, não encontramos diferenças entre os grupos considerando o polimorfismo do gene da enzima de conversão da angiotensina, assim como qualquer relação do gene da enzima de conversão da

  2. Denervação Renal com Cateter Irrigado em Hipertensos Resistentes: Uma Estratégia Promissora?

    Luciana Armaganijan

    2014-04-01

    Full Text Available Fundamento: A hipertensão arterial sistêmica constitui importante problema de saúde pública e significativa causa de mortalidade cardiovascular. A elevada prevalência e as reduzidas taxas de controle tensional despertaram o interesse por estratégias terapêuticas alternativas. A denervação simpática renal percutânea surgiu como perspectiva no tratamento de hipertensos resistentes. Objetivo: Avaliar a factibilidade e a segurança da denervação renal com cateter irrigado. Métodos: Dez hipertensos resistentes foram submetidos ao procedimento. O desfecho primário foi a segurança, avaliada por eventos adversos periprocedimento, função renal e anormalidade vascular renal aos 6 meses. Os desfechos secundários constituíram mudanças na pressão arterial (consultório e monitorização ambulatorial e no número de anti-hipertensivos aos 6 meses. Resultados: A média de idade foi de 47,3 (± 12 anos, 90% eram mulheres. No primeiro caso, houve dissecção de artéria renal causada por trauma da bainha, fato que não se repetiu após ajuste técnico, demonstrando efeito da curva de aprendizado. Nenhum caso de trombose/infarto renal ou óbito foi reportado. Não se observou elevação dos níveis séricos de creatinina durante o seguimento. Aos 6 meses, diagnosticou-se um caso de estenose significativa de artéria renal, sem repercussão clínica. A denervação renal reduziu a pressão arterial de consultório, em média, em 14,6/6,6 mmHg (p = 0,4 tanto para pressão arterial sistólica como para a diastólica. A redução média da pressão arterial pela monitorização ambulatorial foi de 28/17,6 mmHg (p = 0,02 e p = 0,07 para pressão arterial sistólica e diastólica, respectivamente. Houve redução média de 2,1 anti-hipertensivos. Conclusão: A denervação renal é factível e segura no tratamento da hipertensão arterial sistêmica resistente. Estudos maiores são necessários para confirmar nossos resultados.

  3. Modificaciones de la tensión arterial en pacientes hipertensos sometidos a un ensayo comunitario

    Raúl Rizo González

    1998-02-01

    Full Text Available Se realiza un ensayo comunitario con 45 pacientes hipertensos esenciales, de los 2 sexos, mayores de 15 años, dispensarizados en el sector No. 22 del Policlínico Comunitario Docente "Julián Grimau" de Santiago de Cuba, que tuvo como propósito educarles en el conocimiento y la compensación de su enfermedad, lograr cambios en el estilo de vida, enfrentar los factores de riesgo y evaluar el impacto alcanzado sobre el control de la presión arterial. Para la validación de los resultados se utilizaron las pruebas de Mcnemar y las diferencias de medias para observaciones pareadas, las cuales demostraron modificaciones estadísticamente significativas de las cifras tensionales después de la intervenciónA community trial with 45 essential hypertensive patients of both sexes and over 15, who receive attention at the sector No. 22 of the "Julián Grimau" Community Teaching Polyclinic, in Santiago de Cuba, was conducted aimed at helping them to know about their disease and how to control it, t attain changes in their life style, to face the risk factors and to evaluate the impact obtained on the control of blood pressure. To validate the results, Mcnemar's tests and the differences of means for matched observations were used. As a result, statistically siginificane modifications of the readings were obtained

  4. Reprodutibilidade da medida ambulatorial da pressão arterial em pacientes hipertensos com diabete melito tipo 2 Reproducibility of ambulatory blood pressure monitoring in hypertensive patients with type 2 diabetes mellitus

    João Soares Felício

    2007-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a reprodutibilidade e o efeito placebo sobre a monitorização ambulatorial da pressão arterial (MAPA (SpaceLabs-90207. MÉTODOS: Mensurou-se a PA no consultório e por meio de duas MAPA, realizadas em um intervalo de 1 a 10 meses (média de 4,9 meses, de 26 pacientes com diabetes tipo 2 e hipertensão. Onze pacientes (G1 realizaram as duas MAPA sem medicação anti-hipertensiva por 15 dias, enquanto o G2 (N = 15 fez a segunda MAPA em uso de placebo pelo mesmo período. RESULTADOS: Ao avaliarmos os coeficientes de variação (CV da PA sistólica na vigília (PASV, PA diastólica na vigília (PADV, PA sistólica nas 24h (PAS24h e PA diastólica nas 24h (PAD24h, encontramos valores de 4,6%, 3,9%, 5,0% e 4,0% no G1 e 4,3%, 5,1%, 3,7% e 5,1% no G2, respectivamente. Quanto ao CV da PA sistólica e diastólica durante o sono (PASS e PADS, encontramos 7,7% e 8,2% para G1, e 5,6% e 6,3% para G2, respectivamente. O CV da freqüência cardíaca na vigília e durante o sono foram: G1 = 5,9% e 9,0%, G2 = 6,9% e 5,8%, respectivamente. Analisando o total dos pacientes, todas as variáveis mostraram fortes correlações entre a primeira e a segunda MAPA (PASV, r=0,76; POBJECTIVE: To evaluate the reproducibility of ambulatory blood pressure monitoring (ABPM (SpaceLabs-90207 and placebo effect on ABPM. METHODS: Blood pressure was measured in the office and over two ABPM periods with an interval from one to ten months (mean 4.9 months, in 26 patients with type 2 diabetes mellitus and hypertension. Eleven patients (G1 had two ABPMs without taking antihypertensive drugs for 15 days, whereas G2 (N=15 had the second ABPM after administration of a placebo for 15 days. RESULTS: In the evaluation of the coefficient of variation (CV of diurnal (awake systolic BP (DSBP, of diurnal (awake diastolic BP (DDBP, of 24-hour systolic BP (24hSBP and of 24-hour diastolic BP (24hDBP, the values found were 4.6%, 3.9%, 5.0%, 4.0% for G1 and 4.3%, 5.1%, 3.7%, 5

  5. EFEITOS DO EXTRATO DE Eugenia uniflora SOBRE OS PARÂMETROS HEMATOLÓGICOS E PRESSÃO ARTERIAL DE RATOS HIPERTENSOS

    Noemia Aparecida Partelli Mariani

    2017-01-01

    Full Text Available A Eugenia uniflora é uma planta amplamente encontrada no Brasil, utilizada popularmente para tratar diversos distúrbios. O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos do extrato de suas folhas sobre parâmetros hematológicos e pressão arterial de ratos espontaneamente hipertensos (SHR. Os animais foram divididos em grupos controle e tratados com extrato nas doses de 100mg/kg e 200mg/kg. O tratamento foi diário, via gavagem, por 28 dias. O sangue dos animais foi coletado semanalmente, para a contagem global e diferencial de leucócitos e ao final do tratamento, os animais foram anestesiados e foi realizada cateterização da artéria carótida para medida de pressão arterial sistólica, diastólica, média e frequência cardíaca. O extrato não alterou os parâmetros hematológicos e não reduziu a frequência cardíaca dos SHR, porém observou-se uma tendência à redução. Ao passo que, diminuiu a pressão arterial sistólica, diastólica e média, sugerindo um efeito anti-hipertensivo.

  6. Qualidade de vida de pacientes hipertensos em tratamento ambulatorial Quality of life of hypertensive patients treated at an outpatient clinic

    Margaret Assad Cavalcante

    2007-10-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: As doenças cardiovasculares são principal causa de mortalidade na população brasileira, sendo a hipertensão arterial (HA de maior prevalência. A terapêutica para o tratamento da HA é cada vez maior e sabe-se que melhora a sobrevida dos pacientes, porém questiona-se a melhora na qualidade de vida (QV do paciente hipertenso após tratamento. OBJETIVO: Comparar aspectos relacionados à QV de pacientes hipertensos em tratamento. MÉTODOS: Foram estudados 100 pacientes hipertensos; 46 aderidos a um esquema de tratamento padrão (grupo A e 54 (grupo B controle que iniciariam este esquema. Colheu-se dados clínicos e sócio-demográficos, realizou-se questões com enfoque na sexualidade, auto-percepção da QV, número e tipo de medicamentos utilizados e sua interferência na vida sexual e aplicou-se o questionário SF-36. Submeteram-se os resultados à análise estatística comparativa utilizando-se testes: t de Student, qui-quadrado, coeficiente de correlação de Pearson e Tukey. RESULTADOS: Não houve diferença estatística entre os grupos para nenhum domínio do SF-36. Houve associação entre a questão da auto-percepção da QV e os domínios do SF-36, exceto nos aspectos emocionais. Na questão com enfoque na sexualidade, encontrou-se diferença quanto à QV sexual entre os grupos, sendo menos satisfatória para o grupo A. CONCLUSÃO: Quando aplicado o SF-36, não detectou-se modificações na QV entre os grupos por tratar-se de doença crônica assintomática. Este questionário não avaliou adequadamente os aspectos emocionais dos hipertensos na nossa casuística com grande variabilidade comportamental. A QV sexual foi menos satisfatória no grupo A, entretanto não encontrou-se relacionada ao número e tipo da medicação anti-hipertensiva utilizada.BACKGROUND: The main cause of mortality in braziliam population is the cardiovascular disease and arterial hypertension (AH the most prevalent one. The antihypertensive

  7. Fatores associados ao aumento no índice de incremento de pressão radial em indivíduos hipertensos

    Renan Oliveira Vaz-de-Melo

    2011-09-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A rigidez arterial é uma variável preditora de morbimortalidade e um possível marcador de lesão vascular. Sua avaliação não invasiva por tonometria radial e análise do índice de incremento (r-AI permite identificar os pacientes expostos a um maior risco cardiovascular. OBJETIVO: Analisar a influência do r-AI em variáveis clínico-bioquímicas e sua influência na prevalência de dano em órgão-alvo em pacientes hipertensos. MÉTODOS: Cento e quarenta pacientes hipertensos consecutivos, em seguimento clínico ambulatorial, foram submetidos à análise transversal. Os níveis de pressão arterial (PA e o r-AI foram obtidos por tonometria de aplanação da artéria radial (HEM-9000AI, Onrom. Os pacientes foram alocados em tercis r-AI (r-AI 97%. RESULTADOS: A amostra era predominantemente composta por mulheres (56,4%, com idade média de 61,7 ± 11,7 anos e índice de massa corporal de 29,6 ± 6,1 Kg/m². O maior tercil apresentou uma proporção maior de mulheres (p = 0,001, maior PA sistólica (p = 0,001 e pressão de pulso (p = 0,014, e menor peso (p = 0,044, altura (p < 0,001 e frequência cardíaca (p < 0,001. A análise multivariada demonstrou que o peso (β = -0,001, p = 0,017, frequência cardíaca (β = -0,001, p = 0,007 e pressão central (β = 0,015, p < 0,001 se correlacionam com o r-AI de maneira independente. Em análises de regressão logística, o 3º tercil r-AI foi associado a uma diminuição do diabete (DM (OR = 0,41; 95% CI 0,17-0,97; p = 0,042. CONCLUSÃO: Este estudo demonstrou que peso, frequência cardíaca e PA central se relacionam com o r-AI de maneira independente.

  8. Cardiovascular risk assessment in hypertensive patients Evaluación del riesgo cardiovascular en hipertensos Avaliação do risco cardiovascular em hipertensos

    Elaine Amaral de Paula

    2013-06-01

    ó diferencia significativa entre la clasificación del riesgo cardiovascular, cuya correlación muestra discreta concordancia entre las dos escalas. Los elementos relacionados al estilo de vida parecen ser determinantes en el aumento del riesgo cardiovascular. OBJETIVO: avaliar o risco cardiovascular, utilizando o escore de Framingham tradicional e o modificado pela incorporação de fatores de risco emergentes, como história familiar de infarto agudo do miocárdio, síndrome metabólica e doença renal crônica. MÉTODO: participaram 50 hipertensos que faziam tratamento ambulatorial. Os dados clínicos foram obtidos por meio de entrevista semiestruturada e os laboratoriais, coletados em prontuários. RESULTADOS: verificou-se que o escore de Framingham tradicional foi predominantemente baixo (74%, 14% apresentou médio risco e 12% alto risco. Após a inclusão de fatores de risco emergentes, a chance de ocorrer um evento coronariano foi baixa em 22% dos casos, média em 56% e alta em 22% dos casos. CONCLUSÕES: a comparação entre o escore de risco de Framingham tradicional e o modificado demonstrou diferença significativa entre a classificação do risco cardiovascular, cuja correlação mostra discreta concordância entre as duas escalas. Os elementos relacionados ao estilo de vida parecem ser determinantes do aumento de risco cardiovascular.

  9. O efeito agudo do chocolate amargo sob a função endotelial é dependente da idade em hipertensos com baixo risco cardiovascular

    Jenifer Palma dEl-Rei Pinto

    2011-01-01

    Dados recentes indicam uma relação inversa entre doença cardiovascular e consumo de flavonóides. O objetivo do estudo foi identificar parâmetros clínicos e vasculares de pacientes hipertensos tratados que apresentaram efeitos benéficos na função vascular após o consumo de chocolate amargo com 70% de cacau por sete dias. Vinte e um pacientes hipertensos em tratamento medicamentoso, ambos os sexos, com idades entre 40-65 anos, foram incluídos em um ensaio clínico intervencional com aferição de...

  10. Big endotelina-1 e óxido nítrico em pacientes idosos hipertensos com e sem síndrome da apneia-hipopneia obstrutiva do sono

    Iara Felicio Anunciato

    2013-10-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: O papel do estresse oxidativo em pacientes idosos hipertensos com síndrome de apneia-hipopneia obstrutiva do sono (SAHOS é desconhecido. Objetivo: O objetivo foi avaliar os níveis de Big Endotelina-1 (Big ET-1 e Óxido Nítrico (NO em pacientes idosos hipertensos com e sem SAHOS moderada a grave. MÉTODOS: Os voluntários permaneceram internados durante 24 horas. Obtivemos os seguintes dados: índice de massa corporal (IMC, Monitorização Ambulatorial da Pressão Arterial (MAPA - 24 horas, e medicação atual. Sangue arterial foi coletado às 7:00 h e às 19:00 h para determinar níveis plasmáticos de NO e Big ET-1. A oximetria de pulso foi realizada durante o sono. A correlação de Pearson, Spearman e análise de variância univariada foram utilizadas para a análise estatística. RESULTADOS: Foram estudados 25 sujeitos com SAHOS (grupo 1 e 12 sem SAHOS (grupo 2, com idades de 67,0 ± 6,5 anos, 67,8 ± 6,8 anos, respectivamente. Não foram observadas diferenças significativas entre os grupos em IMC; no número de horas de sono; PA diastólica e sistólica em 24 h; PA de vigília; PA no sono; ou medicamentos usados para controlar a PA. Não foram detectadas diferenças nos níveis de NO e Big ET-1 plasmáticos às 19:00 h, mas às 7:00 h os níveis de de Big ET-1 foram mais altos (p = 0,03. No grupo 1, correlação negativa também foi observada entre a saturação de oxihemoglobina arterial média e a PA sistólica - 24 horas (p = 0,03, r = -0,44, e Big ET-1 (p = 0,04, r = 0,41. CONCLUSÕES: Na comparação entre idosos hipertensos com e sem SAHOS com PA e IMC semelhantes, observou-se níveis mais elevados de Big ET-1 após o sono no grupo SAHOS. Os níveis de NO não diferiram entre os pacientes hipertensos com ou sem SAHOS.

  11. Hipotensão pós-exercício em indivíduos hipertensos: uma revisão Hipotensión post-ejercicio en individuos hipertensos: una revisión A review on post-exercise hypotension in hypertensive individuals

    Paulo Gomes Anunciação

    2011-05-01

    Full Text Available Após uma sessão de exercícios físicos, pode ocorrer hipotensão pós-exercício (HPE. Esse efeito possui elevada relevância clínica em hipertensos. Embora a literatura reporte vários estudos sobre o tema, ainda falta uma análise sobre o estado da arte, considerando-se os diferentes tipos de exercícios. Assim, o objetivo deste estudo foi verificar, por meio de uma revisão na literatura, a relação entre o exercício aeróbio e o resistido na HPE em hipertensos. Para tanto, realizaram-se buscas nas bases Scielo e Medline, considerando os estudos em inglês e a amostra de humanos adultos hipertensos os principais critérios de inclusão. Foram encontrados 126 estudos. Porém, fizeram parte das análises 32 artigos, dos quais cinco envolveram o exercício resistido, e 27, o exercício aeróbio. Sobre o exercício resistido, embora os estudos utilizassem modelos diferentes de prescrição, houve HPE principalmente no ambiente laboratorial. Após o exercício aeróbio, observou-se HPE por maiores períodos de tempo. Contudo, ocorrem conflitos sobre a melhor intensidade e duração para a prescrição dessa atividade. Portanto, aparentemente, ocorrem maiores reduções na pressão arterial após o exercício aeróbio em comparação com o exercício resistido em hipertensos. Não obstante, para maiores conclusões, são necessários estudos que acompanhem a pressão arterial de forma ambulatorial.Después de una sesión de ejercicios físicos, puede ocurrir hipotensión post-ejercicio (HPE. Ese efecto posee una elevada relevancia clínica en los hipertensos. Aunque la literatura reporte varios estudios sobre el tema, todavía nos queda realizar un análisis más profundo teniendo en cuenta los diferentes tipos de ejercicios.Por tanto, el objetivo de este estudio fue verificar, por medio de una revisión en la literatura, la relación entre el ejercicio aeróbico y el resistido en la HPE en hipertensos. Para eso se realizaron búsquedas en

  12. Índice Internacional de Função Erétil Simplificado e doença coronariana em pacientes hipertensos

    Antonio Carlos Cordeiro

    2012-10-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A Disfunção Erétil (DE se associa ao risco aumentado de Doença Arterial Coronariana (DAC. OBJETIVO: Avaliar a associação entre DE, determinada pelo Índice Internacional de Função Erétil Simplificado (IIFE-5, e DAC. MÉTODOS: Estudo de corte transversal que avaliou 263 hipertensos (55 [50 - 61] anos. A DE foi avaliada pelo IIEF-5 e a DAC, por meio da história de revascularização miocárdica prévia e/ou por cineangiocoronariografia. RESULTADOS: O IIFE-5 se correlacionou com o clearance de creatinina [ClCr] (Rho = 0,23; p 20 (n = 123; aqueles com menor IIFE-5 tinham idade mais elevada (57 [52 - 61] vs. 54 [45 - 60] anos; p = 0,002, maior prevalência de DAC (22% vs. 9%; p = 0,004, tabagismo (64% vs. 47%; p = 0,009 e do uso de inibidores dos canais de cálcio (65 % vs. 43%; p = 0,001, além de menor ClCr (67,3 [30,8 - 88,6] vs. 82,6 [65,9 - 98,2] ml/min; p < 0,001. O IIFE-5 < 20 se associou ao maior risco de DAC em regressão logística; tanto univariada (RR = 2,89 [IC 95% 1,39 - 6,05], quanto após ajustes para idade, diabetes, ClCr, tabagismo, pressão arterial média e uso de anti- hipertensivos (RR = 2,59 [IC 95%: 1,01 - 6,61]. CONCLUSÃO: O IIFE-5 se associa ao diagnóstico de DAC e sua utilização pode agregar informação ao estadiamento do risco cardiovascular em pacientes hipertensos.

  13. Avaliação da pressão arterial e da excreção renal de sodio em animais espontaneamente hipertensos (SHR) submetidos a atividade fisica programada : participação dos receptores AT1R e AT2R da angiotensina II em rins

    Silmara Ciampone

    2009-01-01

    Resumo: A hipertensão arterial é um dos principais fatores de risco para a alta morbidade e mortalidade cardiovascular. A prevalência mundial é estimada em 1 bilhão de indivíduos. No Brasil estima-se que essa prevalência esteja entre 20 a 44% da população, sendo 17 milhões de brasileiros portadores da patologia, acarretando um custo anual de 11 bilhões de reais para o tratamento da hipertensão. Com isso, a importância de estratégias não medicamentosas para a prevenção da patologia tem sido am...

  14. Efeitos do treinamento físico no controle reflexo da pressão arterial e estresse oxidativo de ratos espontaneamente hipertensos

    Mariane Bertagnolli

    2004-01-01

    A hipertensão é uma doença multifatorial pela interação de vários mecanismos fisiopatológicos, sendo considerada um importante fator de risco para outras doenças cardiovasculares. Uma vez que o exercício tem sido recomendado com uma forma de tratamento antihipertensivo, buscou-se avaliar os efeitos do treinamento físico nos sistemas reguladores da pressão arterial (PA) e no seu controle reflexo, e sua correlação com o estresse oxidativo de ratos espontaneamente hipertensos (SHR). Assim, este ...

  15. Filtração glomerular e fatores associados em hipertensos atendidos na atenção básica Glomerular filtration and associated factors in hypertensive individuals treated at primary care level

    Ana Karina Teixeira da Cunha França

    2010-06-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: No Brasil, a hipertensão arterial (HA constitui-se um dos principais fatores de risco para doença renal crônica (DRC. Recomenda-se o monitoramento da filtração glomerular (FG para avaliação da função renal em hipertensos, posto que sua redução precede o aparecimento de sintomas. OBJETIVO: Avaliar a FG e fatores associados em hipertensos. MÉTODOS: Realizou-se estudo transversal no período de janeiro a junho de 2008, com 297 hipertensos com ou sem diabete melito (DM tratados em uma unidade básica de saúde em São Luís-MA. Foram incluídos pacientes >20 anos e de ambos os sexos. Avaliaram-se dados sociodemográficos, estado nutricional, FG e microalbuminúria em urina de 24h, controle pressórico e glicêmico, creatinina sérica e lipidograma. RESULTADOS: A idade média foi 60,6 × 11,5 anos com predomínio do sexo feminino (75,1%, sobrepeso/obesidade (65,0% e circunferência da cintura elevada (60,6%. A prevalência de FG 65 anos, que permaneceu após ajustamento. Para o grupo HA com DM houve associação da redução da FG com idade > 65 anos, tabagismo e obesidade, porém, após ajustamento, permaneceram idade e tabagismo. CONCLUSÃO: Nestes pacientes, a prevalência de FG 65 anos e tabagismo apresentaram-se como fatores associados à FG. Isto reforça a necessidade da avaliação sistemática da FG em hipertensos visando a prevenção secundária da doença renal crônica.BACKGROUND: In Brazil, arterial hypertension (AH constitutes one of the main risk factors for chronic kidney disease (CKD. The monitoring of glomerular filtration (GF is recommended for the assessment of kidney function in hypertensive individuals, as GF decrease precedes symptom onset. OBJECTIVE: To assess GF and its associated factors in hypertensive individuals. METHODS: A cross-sectional study was carried out from January to June 2008 in 297 individuals with arterial hypertension (AH with or without diabetes mellitus (DM, treated at a primary

  16. Síndrome metabólica em hipertensos de Cuiabá - MT: prevalência e fatores associados Síndrome metabólico en hipertensos de Cuiabá - MT: prevalencia y factores asociados Metabolic syndrome in patients with high blood pressure in Cuiabá - Mato Grosso State: prevalence and associated factors

    Gilberto Paulo Pereira Franco

    2009-06-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A síndrome metabólica (SM é um agregado de fatores predisponentes para doenças cardiovasculares e diabete melito, cujas características epidemiológicas são insuficientemente conhecidas nos níveis regional e nacional. OBJETIVO: Estimar a prevalência de SM e fatores associados em uma amostra de hipertensos da área urbana de Cuiabá - MT. MÉTODOS: Estudo de corte transversal (maio a novembro de 2007 em amostra de 120 hipertensos (com 20 anos ou mais, pareados por gênero e selecionados por amostragem sistemática de uma população fonte de 567 hipertensos de Cuiabá. Todos os selecionados responderam a um inquérito em domicílio para obtenção de dados sócio-demográficos e hábitos de vida. Foram medidos: pressão arterial; índice de massa corpórea (IMC; circunferências da cintura e quadril; glicemia; insulinemia; lípides séricos; cálculo do índice de homeostase da resistência insulínica (HOMA; proteína C-reativa; ácido úrico e fibrinogênio. O critério para hipertensão adotado foi: média da PAS > 140mmHg e/ou PAD > 90mmHg, para síndrome metabólica segundo a I Diretriz Brasileira de Síndrome Metabólica e NCEP-ATP III. RESULTADOS: Foram analisados 120 hipertensos (60 mulheres, com média de idade de 58,3 ± 12,6 anos. Observou-se prevalência de SM de 70,8% (IC95% 61,8-78,8, com predomínio entre as mulheres (81,7% vs. 60,0%; p=0,009, sem diferenças entre adultos (71,4% e idosos (70,2%. A análise de regressão múltipla revelou uma associação positiva entre a SM e o IMC > 25 kg/m², a resistência insulínica e algum antecedente familiar de hipertensão. CONCLUSÃO: Observou-se uma elevada prevalência de SM entre hipertensos de Cuiabá, associada significativamente ao IMC >25 kg/m², à resistência insulínica (Índice HOMA e, em especial, a uma história familiar de hipertensão. Estes resultados sugerem o aprofundamento deste assunto através de novos estudos.FUNDAMENTO: El síndrome metab

  17. Acurácia da radiografia de tórax associada a eletrocardiograma no diagnóstico de hipertrofia em hipertensos

    Sergio Marrone Ribeiro

    2012-09-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A radiografia de tórax e o eletrocardiograma (ECG tem sido criticados em razão de sua baixa sensibilidade no diagnóstico da Hipertrofia Ventricular Esquerda (HVE quando comparada ao ecocardiograma. Entretanto, esse exame não está disponível nos centros de atendimento primário para toda a população de hipertensos. OBJETIVO: Avaliar se a radiografia de tórax associada ao eletrocardiograma apresenta acurácia que justifique seu uso na detecção de HVE em hipertensos, bem como a utilidade do índice cardiotorácico e das radiografias oblíquas na avaliação das dimensões das câmaras cardíacas esquerdas. MÉTODOS: Estudo prospectivo realizado em 177 pacientes hipertensos consecutivos, através da radiografia do tórax, eletrocardiograma e ecocardiograma. Testes de acurácia foram utilizados para comparar esses métodos utilizando a ecocardiografia convencional como padrão de referência. RESULTADOS: O índice cardiotorácico mostrou sensibilidade de 17% para o diagnóstico de HVE, somente detectando alterações cardíacas mais acentuadas. As incidências póstero-anterior e perfil tiveram sensibilidade de 52%, aumentando para 54% quando a radiografia de tórax foi associada ao eletrocardiograma. As incidências oblíquas não melhoraram significativamente a acurácia da radiografia de tórax que, por sua vez, apresentou alta especificidade e boa sensibilidade para a detecção do aumento da aorta. Foi interessante notar que essa alteração estava presente em metade dos hipertensos com HVE. CONCLUSÃO: A associação da radiografia de tórax com eletrocardiograma é útil na avaliação inicial de hipertensos para o diagnóstico de hipertrofia ventricular esquerda, especialmente se a ecocardiografia não estiver disponível. (Arq Bras Cardiol. 2012; [online].ahead print, PP.0-0

  18. Problemas adaptativos segundo Roy e diagnósticos fundamentados na CIPE® em hipertensos com doenças associadas

    Denizielle de Jesus Moreira Moura

    2013-06-01

    Full Text Available O objetivo do presente estudo foi identificar os problemas adaptativos e estímulos fundamentados no modelo teórico de Roy, bem como os diagnósticos de enfermagem segundo a CIPE® Versão 1. Estudo de casos múltiplos, realizado com 45 hipertensos com doenças associadas assistidos em uma unidade de saúde da Secretaria Executiva Regional V - Fortaleza. Dentre os problemas adaptativos identificados o sedentarismo é o mais presente (84,4% dos indivíduos, seguido de sobrepeso/obesidade (57,8% e distúrbios no padrão de sono (42,2%. 64,3% dos diagnósticos de enfermagem identificados encontram-se no âmbito biológico, sendo os de maior prevalência: Autocuidado Parcial (93,3%, Padrão de Exercício Diminuído (84,4%, Dentição Comprometida (82,2%, Aprendizagem Baixa (60,0%, Sobrepeso/Obesidade (57,7%. Concluiu-se que a identificação de problemas adaptativos auxiliam-nos na elaboração de diagnósticos, os quais, por sua vez, conferem uma linguagem própria à enfermagem além de maior autonomia profissional e qualidade na assistência.

  19. Influência de vasoconstritores associados a anestésicos locais sobre a pressão arterial de ratos hipertensos e normotensos Influence of vasoconstrictors associated with local anesthetics on the arterial pressure of hypertensive and normotensive rats

    Apparecido Neri Daniel

    1999-07-01

    Full Text Available A utilização de anestésicos locais associados a vasoconstritores em pacientes hipertensos é controversa. Neste estudo, verificamos a influência desta associação sobre a pressão arterial caudal (PA em ratos hipertensos DOCA-sal. Após ligeira anestesia com éter, os anestésicos GRUPO I - lidocaína 2% sem vasoconstritor, GRUPO II - lidocaína com fenilefrina, GRUPO III - lidocaína a 2% com noradrenalina, GRUPO IV - prilocaína 3% com felipressina, GRUPO V - mepivacaína 2% com adrenalina e GRUPO VI - mepivacaína com noradrenalina foram injetados na submucosa da boca (anestesia infiltrativa, em ratos DOCA-sal e controles. A PA foi determinada 5 e 15 minutos após a primeira dose do anestésico e também 5 e 15 minutos após a segunda dose. Os dados obtidos indicaram que: a a PA dos ratos DOCA-sal (193,05 ± 4,25 mmHg; n = 43 foi significativamente superior àquela observada nos animais controles (115,64 ± 2,47 mmHg; n = 43 e, b não houve variação significativa nas PA observadas em animais DOCA-sal e controles pela administração dos anestésicos locais testados. Assim, nossos dados experimentais sugerem que a presença de agentes vasoconstritores associados à lidocaína 2%, à prilocaína 3% e à mepivacaína 2% não interferem na PA desses animais, neste modelo experimental de hipertensão.The utilization of local anesthetics associated with vasoconstrictors in hypertensive patients is controversial. The purpose of this investigation was to verify the influence of this association on the arterial pressure (AP in DOCA-salt hypertensive rats. After light ether anesthesia, the anesthetics (Group I - lidocaine 2% without vasoconstrictor; Group II - lidocaine 2% with phenylephrine, Group III - lidocaine 2% with noradrenaline- Group IV - prylocaine 3% with felypressin; Group V - mepivacaine 2% with epinephrine, and Group VI - mepivacaine 2% with norepinephrine were injected into mucobuccal fold (infiltration anesthesia, in DOCA

  20. Os efeitos do Lian Gong em hipertensos assistidos em unidade de saúde da família do município de Parnaíba, Piauí - doi: 10.5020/18061230.2012.p435

    Elce de Seixas Nascimento

    2013-07-01

    Full Text Available Objetivo: Conhecer os efeitos do Lian Gong em pacientes hipertensos usuários da Unidade de Saúde da Família. Métodos: Estudo qualitativo descritivo, envolvendo 20 voluntários, independente do sexo, com idade entre 45 e 70 anos, residentes no município de ParnaíbaPI, Brasil. A intervenção foi realizada em ambiente calmo e livre de ruídos, no período de agosto a setembro de 2011, três vezes por semana, com um total de 30 sessões. Utilizouse a ferramenta Grupo Focal no início e ao final da intervenção. Aplicou-se a técnica de análise temática do discurso do sujeito coletivo (DSC, utilizando três figuras metodológicas: ideia central, expressões-chave e DSC. Foram utilizadas operações estatísticas simples (percentagens para quantificar as falas. Resultados: Antes da intervenção, o grupo referiu ter percebido a hipertensão pela manifestação de sintomas físicos e/ou psíquicos a partir do diagnóstico e da rejeição ao tratamento, revelando ter um nível superficial de conhecimento ou informações equivocadas acerca da doença. Após a intervenção, foi referido melhora dos sintomas físicos e emocionais, nas relações sociais e familiares, bem como na dificuldade de mudanças de hábitos, que pode ser atenuada com o apoio multiprofissional e a continuação dos exercícios físicos. Considerações finais: A prática de Lian Gong se mostrou eficaz para a melhoria do estado físico e emocional de pacientes hipertensos, podendo ser uma terapia coadjuvante ao controle da hipertensão arterial sistêmica na atenção primária à saúde.

  1. Prevalência de obesidade abdominal em hipertensos cadastrados em uma Unidade de Saúde da Família Prevalence of abdominal obesity in hypertensive patients registered in a Family Health Unit

    Edmarlon Girotto

    2010-06-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A obesidade abdominal é importante fator de risco cardiovascular e, juntamente com as dislipidemias, a intolerância a glicose e a hipertensão arterial, compõe a síndrome metabólica. OBJETIVO: Verificar a prevalência de obesidade abdominal e fatores associados em hipertensos. MÉTODOS: Estudo transversal com hipertensos de 20 a 79 anos cadastrados em uma Unidade Saúde da Família do município de Londrina, Paraná. A obesidade abdominal foi identificada por meio da relação cintura-quadril (RCQ e da circunferência abdominal (CA, conforme pontos de corte recomendados pela Organização Mundial de Saúde (RCQ > 1,0 e CA > 102 cm para homens, e RCQ > 0,85 e CA > 88 cm para mulheres. RESULTADOS: Entre os 378 entrevistados, a prevalência de obesidade abdominal identificada pela RCQ foi de 65,3% nos adultos e 68,1% nos idosos, sendo de 87,9% no sexo feminino e de 30,2% no masculino (p BACKGROUND: Abdominal obesity is an important cardiovascular risk factor and, along with dyslipidemia, impaired glucose tolerance and hypertension, it makes up the metabolic syndrome. OBJECTIVE: To investigate the prevalence of abdominal obesity and associated factors in hypertensive patients. METHODS: Cross-sectional study with hypertensive patients aged 20 to 79 registered in a Family Health Unit in the city of Londrina, Paraná. Abdominal obesity was found through waist-hip ratio (WHR and waist circumference (WC according to the cutoff points recommended by the World Health Organization (WHR > 1.0 and > WC 102 cm for men and WHR > WC 0.85 and > 88 cm for women. RESULTS: Among 378 respondents, the prevalence of abdominal obesity determined by WHR was 65.3% in adults and 68.1% in the elderly, and 87.9% in females and 30.2% in males (p <0.001. In women, WHR was associated with reports of high cholesterol, failure to perform regular physical activity, lack of paid work and low education. There was no association of WHR with any variables in males

  2. POSSÍVEIS INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS EM UM GRUPO DE HIPERTENSO E DIABÉTICO DA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA

    Maria de Souza Tavares

    2013-04-01

    Full Text Available Interação medicamentosa é um evento clínico emque os efeitos de um fármaco são alterados pela presença deoutro fármaco, fitoterápico, alimento, bebida ou algum agentequímico ambiental. Não é possível distinguir claramente quemirá ou não apresentar uma interação medicamentosa adversa.Dentre as condições que colocam os pacientes em alto riscopara interações medicamentosas está o grupo de hipertenso ediabético por apresentarem doenças crônicas e na maioria dasvezes fazerem uso de outros fármacos.Objetivo: Este artigo objetiva identificar possíveis interaçõesmedicamentosas em um grupo de pacientes hipertensos e diabéticosda Estratégia Saúde da Família - ESF.

  3. Avaliando o cuidado ao hipertenso em serviços de saúde Assessing hypertensive patients care in public health services

    Maria José Scochi

    2002-03-01

    Full Text Available Avaliar a qualidade do processo e do resultado do cuidado aos hipertensos na rede básica de serviços de saúde. Nos meses de novembro e dezembro de 1995, foram realizadas cinquenta e nove entrevistas com pacientes em crise hipertensiva ou com diagnóstico de hipertensão em sete hospitais do município de Maringá, Estado do Paraná. A partir das entrevistas, buscaram-se, nas unidades básicas, os prontuários para verificar a presença ou não do registro de procedimentos considerados como pontuais no tratamento da hipertensão. A maioria (52 apresentava hipertensão severa e 83% dos entrevistados conheciam a doença. Todos referiram estar em tratamento, 2 chegaram ao hospital sem haver passado por outro serviço; 43 (73% disseram cumprir recomendações dietéticas e 18 (30% afirmaram praticar exercícios físicos. Foram localizados e pesquisados 29 prontuários (49,2%. O registro da pressão arterial constava em 79% das consultas, da altura em 14%. O diagnóstico, as prescrições e os encaminhamentos estavam ausentes em 95% das consultas. Todos necessitavam da internação, alguns por não seguirem corretamente as prescrições, outros por estarem recebendo tratamentos inadequados.To assess the quality of procedure and results of hypertensive patients care in public health services. November through December 1995, fifty-nine interviews were made with patients, either suffering a hypertension crisis or having been diagnosed as hypertensive, in seven hospitals in the municipality of Maringá, state of Paraná, southwest Brazil. Based on the interviews, a survey of medical handbooks was carried out in the public health care service units, to verify the presence or absence of recommended medical procedures for hypertension treatment. The great majority of the interviewed (52 had severe hypertension and 83% of them knew the disease. All of them reported to be under medical treatment, two of them were hospitalized without previous attendance in

  4. Comparação dos perfis dos pacientes hipertensos atendidos em Pronto-Socorro e em tratamento ambulatorial Perfil de los pacientes hipertensos atendidos en un servicio de emergencia: comparación con hipertensos en tratamiento ambulatorio Comparison of the profile of hypertensive patients seen in emergency unit with those receiving outpatient clinic treatment

    Cristiane Garcia Sanchez

    2004-03-01

    Full Text Available O estudo comparou 100 hipertensos atendidos no Pronto-socorro com 100 pacientes do Ambulatório. Os hipertensos do Pronto-Socorro foram diferentes (p Este estudio comparó 100 hipertensos atendidos en un servicio de emergencia, con 100 pacientes de consulta externa. Los hipertensos de emergencia fueron diferentes (pThis study compares 100 hypertensive patients in emergency units with those who were seen in outpatient clinics. Hypertensive patients seen at the emergency unit showed to be different (p < 0.05 from those seen at the outpatient clinic regarding: higher blood pressure; lower income; not belonging to the hospital community; greater alcohol intake; became aware of their hypertension because felt bad; measured blood pressure less often; did not take the medicine more often. In conclusion, unfavorable characteristics can contribute to hypertensive patients who do not follow anti-hypertension treatment adequately, leading to care in emergency units.

  5. Autoavaliação vocal e qualidade de vida em voz de indivíduos hipertensos Self-perception vocal and quality of life in the hypertensive individuals

    Vanessa Veis Ribeiro

    2013-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: obter dados de autoavaliação vocal e qualidade de vida em voz de indivíduos hipertensos MÉTODO: trata-se de estudo transversal, exploratório e descritivo. Participaram 84 indivíduos, 33 homens e 51 mulheres, de 54 a 87 anos (média de 68 anos que foram divididos em: Grupo Pesquisa (GP - 42 indivíduos portadores de hipertensão arterial e que recebiam tratamento medicamentoso específico para a doença há pelo menos um ano; Grupo Controle (GC: 42 indivíduos não hipertensos e com bom estado de saúde geral autorreferido. Todos os participantes responderam a um questionário composto por perguntas objetivas sobre autoavaliação vocal e ao protocolo Qualidade de Vida em Voz (QVV. RESULTADOS: não foram observadas diferenças quanto à autoavaliação vocal de indivíduos do GP e GC (p=0,075. Os escores médios totais obtidos no QVV também foram semelhantes entre os grupos (p=0,080. Houve diferença entre os grupos quanto à autopercepção do sintoma de "voz fraca", que teve maior ocorrência no GP (p=0,015. CONCLUSÃO: a utilização de medicamentos específicos para a hipertensão não promoveu diferenças na autoavaliação vocal e na qualidade de vida do grupo estudado, com exceção da percepção de "voz fraca". Indivíduos hipertensos e não hipertensos apresentaram escores abaixo do que se espera para sujeitos com vozes saudáveis e sem queixas vocais.PURPOSE: to get data of vocal self-assessment and voice quality of life in hypertensive individuals. METHOD: this is a cross-sectional, exploratory and descriptive study. There were 84 individuals ,33 men and 51 women, 54 to 87 years (68 years-old average who were divided into: Study Group (SG - 42 individuals with hypertension and receiving specific drug treatment for this disease for at least one year; Control Group (CG: 42 non-hypertensive individuals with good self-reported general health. All participants answered a questionnaire with questions about vocal self

  6. Efeito do exercício físico e suplementação de potássio sobre a pressão arterial, metabolismo glicídico e albuminúria de ratos hipertensos

    Evelyn Manuella Martins Gomes Jodas

    2014-09-01

    Full Text Available Introdução: Ainda é controverso se ocorre sinergismo entre as diferentes medidas não farmacológicas utilizadas no tratamento da hipertensão arterial. Objetivo: Avaliar o efeito do exercício físico aeróbico, da sobrecarga oral de potássio e da sua associação sobre a pressão arterial, metabolismo glicídico, excreção urinária de albumina e morfologia glomerular de ratos espontaneamente hipertensos (SHR. Métodos: SHRs foram divididos em: Grupo Controle (SHR; dieta padrão e sedentário, n = 10; Grupo Exercício (SHR + E; treinado em esteira rolante, dieta padrão, n = 10, Grupo Potássio (SHR + K; sedentário, dieta rica em potássio, n = 10 e Grupo Exercício + Potássio (SHR + E + K; exercitado, dieta rica em potássio, n = 10. Semanalmente, foi aferido o peso corporal (PC e a pressão arterial de cauda (PAC. Ao final de 16 semanas, foi realizado o Teste de Tolerância oral a Glicose. A albuminúria foi determinada nos períodos basal, na 8ª e 16ª semana. Após o sacrifício, foi realizada a análise do índice de esclerose glomerular e a pesagem da gordura visceral. Resultados: A PAC e o PC não variaram significativamente. Houve melhora da sensibilidade à insulina no Grupo Exercício e Grupo Potássio, mas não no Grupo Exercício + Potássio. Na 16ª semana, a albuminúria de todos os grupos foi significativamente menor que o grupo SHR Controle. O índice de esclerose glomerular e o peso da gordura visceral também foram significativamente menores em todos os grupos tratados quando comparados ao controle. Conclusão: A dieta rica em potássio e o exercício físico determinaram melhora no metabolismo glicídico, na albuminúria e na morfologia glomerular, porém, a sobreposição dos tratamentos não apresentou sinergismo.

  7. A Enfermagem e o paciente hipertenso em uma abordagem multiprofissional: relato de experiência La enfermería e el paciente hipertenso en un abordaje multiprofesional: relato de experiencia Nursing and Hypertensive patients in a multiprofessional approach: report of experience

    Ana Luiza Lima Souza

    1994-01-01

    Full Text Available A liga de Hipertensão Arterial (LHA criada em 1989, visando ser centro de tratamento, ensino e pesquisa em hipertensão, tem funcionado de maneira modelar, possibilitando trabalho multidisciplinar, valorizando as ações da equipe saúde. Nesta estrutura, a enfermagem representa importante pilar de sustentação, participando com 50% das ações. Seu trabalho consiste no atendimento propriamente dito (pré-consultas, pós-consultas e consultas, participação nas reuniões da equipe com os pacientes (Clube do Hipertenso, elaboração e execução de projetos de pesquisa e coordenação de serviço. A participação da enfermagem, junto com a equipe de saúde tem propiciado maior eficácia do serviço, oferecendo excelente campo de treinamento a profissionais em formação.La Liga de Hipertensão Arterial (LHA estabelecida en 1989, con el obetivo de ser un centro de tratamiento, enseñansa y invetigación en hipertensión, há funcionado de manera modelar, posibilitando trabajo multidisciplinar, valorando las acciones del equipo de salud. En esta estructura, la Enfermería representa importante pilar de sustentación, participando con 50% de las acciones. Su trabajo consiste en el atendimiento propiamente dicho (pre-consultas, post-consultas y consultas, participación en las reuniones del equipo con los pacientes (Club del Hipertenso, elaboración y ejecución de proyectos de investigación y coordinación del servicio. La participacipación de la Enfermería, junto con el equipo de salud ha propiciado mayor eficacia del servicio, ofreciendo excelente campo de entrenamiento a profesionales en formación.The Arterial Hypertension League (LHA, has enable the team to carry out a multiprofessional approach by highly prizing the actions of the medical team, comprised of: doctors, nurses, nutritionists, physical education teachers and psychologists. In this working structure, nursing represents an important supporting pillar, as it participates in 50

  8. Fatores associados ao aumento no índice de incremento de pressão radial em indivíduos hipertensos Factors associated with increased radial augmentation index in hypertensive individuals

    Renan Oliveira Vaz-de-Melo

    2011-09-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A rigidez arterial é uma variável preditora de morbimortalidade e um possível marcador de lesão vascular. Sua avaliação não invasiva por tonometria radial e análise do índice de incremento (r-AI permite identificar os pacientes expostos a um maior risco cardiovascular. OBJETIVO: Analisar a influência do r-AI em variáveis clínico-bioquímicas e sua influência na prevalência de dano em órgão-alvo em pacientes hipertensos. MÉTODOS: Cento e quarenta pacientes hipertensos consecutivos, em seguimento clínico ambulatorial, foram submetidos à análise transversal. Os níveis de pressão arterial (PA e o r-AI foram obtidos por tonometria de aplanação da artéria radial (HEM-9000AI, Onrom. Os pacientes foram alocados em tercis r-AI (r-AI 97%. RESULTADOS: A amostra era predominantemente composta por mulheres (56,4%, com idade média de 61,7 ± 11,7 anos e índice de massa corporal de 29,6 ± 6,1 Kg/m². O maior tercil apresentou uma proporção maior de mulheres (p = 0,001, maior PA sistólica (p = 0,001 e pressão de pulso (p = 0,014, e menor peso (p = 0,044, altura (p BACKGROUND: Arterial stiffness is a variable predictor of morbidity and mortality and a possible marker of vascular injury. Its non-invasive assessment by radial tonometry and analysis of the augmentation index (r-AI allows identifying patients exposed to higher cardiovascular risk. OBJECTIVE: To analyze the influence of r-AI on clinical-biochemical variables and its influence on the prevalence of target-organ damage in hypertensive patients. METHODS: 140 consecutive hypertensive patients, followed-up in an outpatient clinic, were analyzed in a cross-sectional study. Blood pressure (BP levels and r-AI were obtained by applanation tonometry of the radial artery (HEM-9000AI, Onrom. The patients were allocated into r-AI tertiles (r-AI 97%. RESULTS: The sample was predominantly composed of women (56.4%, mean age of 61.7 ± 11.7 years and body mass index 29.6

  9. Efeitos do exercício físico no controle da hipertensão arterial em idosos: uma revisão sistemática

    Nogueira,Ingrid Correia; Santos,Zélia Maria de Sousa Araújo; Mont'Alverne,Daniela Gardano Bucharles; Martins,Aline Barbosa Teixeira; Magalhães,Clarissa Bentes de Araujo

    2012-01-01

    O exercício físico é uma das principais terapêuticas utilizadas para o paciente hipertenso, pois reduz a pressão arterial (PA) e os fatores de risco cardiovasculares, diminuindo a morbimortalidade. OBJETIVO: Analisar os efeitos do exercício físico na PA de idosos hipertensos, com base nos resultados de pesquisas empíricas realizadas no período de 2000 a 2010. METODOLOGIA: Revisão sistemática de estudos experimentais, em inglês, português e espanhol, nas bases eletrônicas MEDLINE, PubMed, Lila...

  10. Disfunção renal e marcadores inflamatórios em hipertensos atendidos em hospital universitário

    Fátima Lúcia Machado Braga

    2013-06-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A doença renal crônica representa hoje um grande desafio para a saúde pública no sentido de se obterem conhecimentos para subsidiar intervenções que possam alterar a velocidade de perda da função renal. OBJETIVO: Avaliar a magnitude do déficit da função renal em hipertensos adultos e sua relação com marcadores inflamatórios: proteína C reativa ultrassensível, velocidade de hemossedimentação e relação neutrófilos/linfócitos. MÉTODOS: Estudo transversal envolvendo 1.273 adultos hipertensos, de ambos os sexos, sendo 1.052 com déficit da função renal e 221 sem déficit, diagnosticados pela equação Modification of Diet in the Renal Disease. A razão de chances (OR e a razão de prevalência (RP foram utilizadas para determinar a probabilidade de ocorrência de atividade inflamatória na doença renal. RESULTADOS: O déficit de função renal foi diagnosticado em 82,6% dos avaliados, sendo que a maioria da amostra (70,8% estava inserida no estágio 2 da doença renal crônica. No modelo de regressão permaneceram independentemente associadas ao déficit da função renal a síndrome metabólica (RPajustada = 1,09 [IC95%: 1,04-1,14], a proteína C reativa ultrassensível (RPajustada = 1,54 [IC95%: 1,40-1,69] e a velocidade de hemossedimentação (RPajustada = 1,20 [IC95%: 1,12-1,28]. No entanto, considerando os indivíduos classificados no estágio 2 do déficit da função renal, a chance de alteração dos marcadores inflamatórios foram de OR = 10,25 (IC95%: 7,00-15,05 para a proteína C reativa ultrassensível, OR = 8,50 (IC95%: 5.70-12.71 para a relação neutrófilos/linfócitos e OR = 7,18 (IC95%: 4,87-10,61 para a velocidade de hemossedimentação. CONCLUSÃO: Os resultados mostram associação da atividade inflamatória e da síndrome metabólica com o déficit da função renal.

  11. Efeitos Cardiovasculares, Renais e Hepáticos Produzidos pela Administração Crônica de Ayahuasca em Ratos Hipertensos/Cardiovascular, Renal and Hepatic Effects Produced by Chronic Administration of Ayahuasca in Hypertensive Rats

    Aline Cunha Santos

    2013-12-01

    Full Text Available Objetivo: Avaliar os efeitos cardiovasculares, renais e hepáticos produzidos pela administração crônica de Ayahuasca em ratos hipertensos. Materiais e Métodos: Foram utilizados 27 ratos machos Wistar adultos. Realizou-se nefrectomia unilateral com compressão do parênquima renal, segundo o modelo de Grollman, para induzir hipertensão. Os ratos hipertensos foram divididos em 4 grupos, com os seguintes tratamentos por gavagem, durante 60 dias: Grupo C (n=7: dose típica (DT de água uma vez por semana; Grupo A (n=7: DT de Ayahuasca uma vez por semana; Grupo T (n=6: DT de água diariamente; e Grupo Y (n=7: DT de Ayahuasca diariamente. Os ratos tiveram suas pressões aferidas uma vez por semana; após eutanásia, tiveram sangue colhido para análise laboratorial de função renal e hepática e foram reservados o fígado, rim e coração para análise histopatológica. Resultados: A administração de Ayahuasca não produziu alteração significativa nos padrões pressóricos, sistólicos e diastólicos, assim como parece não ter havido alteração histopatológica relevante; TGO e Uréia sérica apresentaram diferença significativa quando comparados os grupos Y e T. Discussão: Não há na literatura científica trabalhos semelhantes, porém os existentes corroboram para uma ação não tóxica do chá. Conclusão: O uso crônico de Ayahuasca em ratos hipertensos não causou alteração significativa da pressão arterial. To evaluate the cardiovascular, renal and liver produced by chronic administration of Ayahuasca in hypertensive rats. Materials and Methods: 27 adult male Wistar rats. Unilateral nephrectomy was performed with compression of the renal parenchyma, according to the Grollman model, to induce hypertension. The hypertensive rats were divided into four groups, with the following treatments by gavage for 60 days Group C (n = 7: typical dose (DT of water once a week, Group A (n = 7: DT ayahuasca once a week and Group T (n = 6: DT

  12. hipertensos esenciales

    Angélica Riveros

    2005-01-01

    Full Text Available La hipertensión y diabetes ocupan las primeras causas de mortalidad en México, su cuidado tiene componentes difíciles de implementar, como dieta, actividad física, seguimiento de tratamientos farmacológicos, etc. que suelen depender directamente de la conducta del paciente. A fin de examinar los efectos de una intervención cognitivo-conductual sobre éstos y otros aspectos de la atención de padecimientos crónicos se realizó un estudio cuasiexperimental con 51 pacientes con hipertensión, diabetes, o ambas. La intervención fue de tipo individual sobre variables psicológicas que interfieren con el bienestar y la adherencia terapéutica de los pacientes. Se realizaron mediciones pre y post tratamiento sobre calidad de vida, estilo de afrontamiento, depresión, ansiedad, glucosa en sangre, presión arterial y dosis de hipotensor. Se observaron mejoras clínica y estadísticamente significativas en la gran mayoría de las variables para la mayoría de los pacientes. Los principales beneficios se observaron en glucosa, actividad física, reducción de conductas de riesgo, calidad de vida, depresión y ansiedad. También mejoraron significativamente los estilos de afrontamiento conductual activo, cognitivo activo, análisis lógico y solución de problemas. Los hallazgos y las implicaciones del tipo de intervención usada se discuten en el contexto de sistemas de salud de países con escasez de recursos.

  13. Efectividad de las modificaciones de estilo de vida sobre el control de la presión arterial en pacientes hipertensos

    Baquero Lorenzo A.

    2016-09-01

    Full Text Available ntroducción: Las modificaciones del estilo de vida han demostrado ser eficaces para el control de la presión arterial (PA. El objetivo de este trabajo es evaluar el efecto de la reducción del consumo de sal en la PA en hipertensos, conocer la calidad de la dieta y comprobar la adherencia a las recomendaciones dietéticas y de actividad física. Material y métodos: Estudio cuasiexperimental no controlado. Se seleccionaron aleatoriamente sujetos hipertensos a los que se realizó una entrevista estructurada para conocer sus hábitos de alimentación, consumo de sal y actividad física. Se determinaron las variables antropométricas y la PA. Se entregaron por escrito recomendaciones dietéticas y de actividad física. A los 30 días se reevaluaron. Resultados: 30 sujetos (17 mujeres y 13 varones, edad media 65,3±12,1 años. El 73,3% refería realizar dieta baja en sal. La calidad de la dieta mostró que la mayoría de los sujetos necesitaban cambios en su alimentación y eran sedentarios. Índice de masa corporal de 28,3±4,8 Kg/m2. PA sistólica de 139,1±18,9 mmHg y diastólica 81,8±10,1 mmHg. Segunda visita sin cambios en calidad de la dieta ni en actividad física aunque sí disminución en consumo de sal (p=0,028. PA sistólica media de 133,3±16,2 mmHg y diastólica 77,8±11,2 mmHg (p=0,04 en sistólica y p=0,01 en diastólica. Conclusiones: La disminución del consumo de sal se asoció de forma estadísticamente significativa a una reducción de las cifras de PA. La calidad de la dieta de la muestra fue subóptima y la adherencia a las recomendaciones de estilo de vida baja.

  14. Evaluación de hipertensos en base a registros de variación de diámetro arterial radial Evaluation of hypertensive patients by radial arterial diameter variation recording

    Fernando M. Clara

    2006-12-01

    Full Text Available Se utilizó la técnica de análisis del registro incruento de las variaciones de diámetro de arteria radial para evaluar el deterioro arterial y el riesgo cardiovascular en pacientes hipertensos. El transductor utilizado consistió en un sensor de movimiento apoyado sobre la zona de palpación del pulso radial. Se efectuó la determinación del índice de aumentación radial, un parámetro que cuantifica la magnitud de las reflexiones de la onda de presión en la región aórtica, sobre un conjunto de 47 hipertensos, y se lo comparó con otro estudio similar efectuado sobre 81 normotensos sanos. Estos últimos presentaron menores valores de dicho índice, pero al avanzar la edad los valores de ambos grupos tendieron a coincidir. Esto fue confirmado al comparar morfológicamente los registros de ambos grupos, hallándose que los registros de ancianos normotensos sanos e hipertensos de edades similares resultaron visiblemente parecidos. Se halló también que determinados hipertensos jóvenes presentaron ciertas características morfológicas similares a las de normotensos de la misma edad, indicando que aún conservaban las características elásticas propias de su grupo etario. Los resultados fueron similares a los logrados sobre registros de presión arterial radial obtenidos mediante tonometría de aplanación, utilizándose una tecnología disponible en nuestro medio y de menor costo.A blood less analysis technique of the diameter variation signal at radial artery was used to evaluate the arterial disease and the cardiovascular risk in hypertensive patients. A movement transducer was used to record the wrist pulse. A radial augmentation index was proposed to quantify the magnitude of the pressure wave reflections in the aortic region. The experiment was carried out with a group of 47 hypertensive men and compared with a similar study performed on 81 normotensive healthy men. The last ones presented smaller values of this index, but as age

  15. Estudo piloto: Desvio positivo de pacientes hipertensos na cidade de Barbacena, Minas Gerais – Brazil

    Bruno José Guedes Silva

    2015-10-01

    Full Text Available A hipertensão arterial sistêmica (HAS é uma condição clínica multifatorial caracterizada por níveis elevados e sustentados de pressão arterial (PA. 1 O paciente é considerado hipertenso quando a pressão sistólica é ≥ 140 mmHg e a diastólica é ≥ 90 mmHg em três aferições. 1-5 Embora o tratamento adequado seja importante para o controle da HAS, a prevenção se destaca, especialmente nos pacientes de risco. 5-9

  16. Risk factor control in hypertensive and diabetic subjects attended by the Family Health Strategy in the State of Pernambuco, Brazil: the SERVIDIAH study Control de los factores de riesgo en hipertensos y diabéticos seguidos por la Estrategia Salud de la Familia en el estado de Pernambuco, Brasil: estudio SERVIDIAH Controle dos fatores de risco em hipertensos e diabéticos acompanhados pela Estratégia Saúde da Família no Estado de Pernambuco, Brasil: estudo SERVIDIAH

    Adriana Falangola Benjamin Bezerra

    2013-06-01

    sobrepeso u obesidad, pocos informaron estar siguiendo una dieta para perder peso. El estudio, en esta muestra representativa de hipertensos y diabéticos registrados en la ESF de Pernambuco, muestra qué mejorías se deben buscar a fin de perfeccionar la prevención de las complicaciones de esos problemas, cuya incidencia está creciendo.O estudo SERVIDIAH (Avaliação de Serviços de Atenção Básica à Saúde para Diabéticos e Hipertensos foi realizado em 2010 no Estado de Pernambuco, Brasil. Foi constituída uma amostra aleatória de 785 hipertensos e 823 diabéticos oriunda dos cadastros de 208 equipes da Estratégia Saúde da Família (ESF sorteadas em 35 municípios do estado. Os usuários foram entrevistados por meio de formulário padronizado, e tiveram aferição de peso, altura e pressão arterial e, para os diabéticos, da hemoglobina glicada (HbA1c. A idade média foi em torno de 60 anos, com sobrerrepresentação de mulheres (70%. A pressão arterial foi controlada em 43,7% dos hipertensos e 25,8% dos diabéticos; 30,5% dos diabéticos apresentaram HbA1c abaixo de 7%. Apesar de 70% apresentarem sobrepeso ou obesidade, poucos referiram estar seguindo dieta para perder peso. O estudo, nesta amostra representativa de hipertensos e diabéticos cadastrados na ESF de Pernambuco, mostra que melhorias devem ser buscadas a fim de aprimorar a prevenção das complicações desses agravos, cuja incidência está crescente.

  17. Hipotensão pós-exercício em hipertensos submetidos ao exercício aeróbio de intensidades variadas e exercício de intensidade constante Hipotensión pós ejercicio en hipertensos sometidos a ejercicio aerobio de intensidades variadas y ejercicio de intensidad constante Post-exercise hypotension in hypertensive individuals submitted to aerobic exercises of alternated intensities and constant intensity-exercise

    Gisela Arsa da Cunha

    2006-12-01

    Full Text Available O exercício agudo pode resultar em hipotensão pós-exercício (HPE, que tem sido observada em normotensos e hipertensos, especialmente após exercícios contínuos (intensidade baixa a moderada. O objetivo foi comparar os efeitos hipotensores de exercícios de intensidade variada (EIV e constante (EIC e verificar se EIV potencializa a HPE. Onze hipertensos (56,8 ± 2,6 anos; IMC = 26,5 ± 0,3kg/m² foram submetidos a teste ergométrico (TE e a duas sessões de exercícios submáximos em esteira (45 min, em dias distintos e com intervalo de 48h, sendo uma sessão de EIV alternando-se 2 min a 55,9 ± 2,6% e 1 min a 74,5 ± 4,0% da reserva de freqüência cardíaca (RFC e uma sessão de EIC a 60 ± 2,5% da RFC. Em ambas as sessões os participantes permaneciam em repouso por 10 min (rep para aferição da pressão arterial (PA e freqüência cardíaca (FC, e então executaram 5 min de aquecimento seguidos de 45 min de EIV ou EIC. A PA e a FC foram monitoradas a cada 5 min de exercício e aos 5, 10, 15, 30, 60, 90 e 120 min de recuperação pós-exercício (rec. ANOVA e teste t de Student evidenciaram HPE de pressão arterial sistólica (PAS após ambas as sessões (p El ejercicio agudo puede resultar en hipotensión pos ejercicio (HPE, que ha sido observada en normotensos e hipertensos, especialmente después de ejercicios continuos (intensidad baja a moderada. El objetivo ha sido comparar los efectos hipotensores de Ejercicios de Intensidad Variada (EIV y Constante (EIC y verificar si EIV potencia la HPE. Once hipertensos (56,8 ± 2,6 años; IMC 26,5 ± 0,3kg/m² fueron sometidos a test ergométrico (TE y a dos sesiones de ejercicios submáximos en cinta ergométrica (45 min, en días distintos y con intervalo de 48h, con una sesión de EIV alternándose 2 min a 55,9 ± 2,6% e 1 min a 74,5 ± 4,0% de la reserva de frecuencia cardíaca (RFC y una sesión de EIC a 60 ± 2,5% de RFC. En ambas sesiones, los participantes permanecían en reposo por

  18. ESTILO DE VIDA DE IDOSOS HIPERTENSOS INSTITUCIONALIZADOS: ANÁLISE COM FOCO NA EDUCAÇÃO EM SAÚDE

    Juliana Lima Fonteles

    2009-01-01

    Full Text Available La hipertensión arterial es controlada con un estilo de vida sano. Estudio descriptivo con un enfoque cualitativo, que describió la percepción de 21 ancianos hipertensos relativo a estilo de vida, buscando el control de la hipertensión, que frecuentaban el Hogar de la Mejor Edad, en Aquiraz-CE. La edad de los ancianos variaba entre 60 a 83 años, eran seis hombres y quince mujeres. Para ellos, estilo de vida consistía en un conjunto de actos y actitudes pertinentes a la realidad de cada uno y que convergían para la supervivencia: trabajo, sueño y reposo, alimentación, adquisición de recursos financieros. Ocho personas mayores asociaban estilo de vida sana al consumo de alimentos salubres, a la salud, al bienestar, al ocio, hacer ejercicio físico con regularidad, abstenerse de alcohol y de tabaco. Por lo tanto, el estilo de vida saludable según la concepción de los sujetos fue más allá de la cuestión de la salud, y surgió de sus creencias, sus valores y sus condiciones social-económicas.

  19. Relación entre la ingesta de sal y la presión arterial en pacientes hipertensos

    Lucía Navas Santos

    2016-03-01

    Full Text Available Introducción: La hipertensión arterial resistente o refractaria al tratamiento supone un serio problema de salud pública y aunque, no están claros los mecanismos por los que se produce esta resistencia, se sospecha que el consumo de sodio puede jugar un papel importante en el mantenimiento de la misma. Objetivo: Determinar si los pacientes con hipertensión resistente toman sodio oculto en los alimentos ingeridos en su dieta; así como relacionar este consumo con sus hábitos dietéticos. Pacientes y Métodos: Se estudiaron 32 pacientes con una media de edad de 74,25±6,38 años, (65,6% hombres y 34,4% mujeres. Se realizó un estudio descriptivo y transversal mediante entrevista estructurada sobre consumo de alimentos. Se estudió: edad, género, estado civil, presión arterial, responsable de la elaboración de las comidas, índice de masa corporal (IMC, consumo de sodio oculto en la dieta y percepción de los pacientes sobre su consumo de sodio. Resultados: Se encontró una ingesta media real de 3693,56±2330,97 mg de sodio. En el 59,4% de los casos las comidas las elaboraba otra persona diferente al paciente, siendo mayor el consumo de sodio en estos pacientes (3.709,44±529,37 frente a 3.677,69±649,27 mg. Respecto a la percepción sobre la cantidad de sodio ingerida, el 9,4% decían no tomar nada, el 56,3% poco, el 21,9% lo normal y el 12,5% bastante. Los que decían no tomar nada de sodio y lo normal, el mayor aporte lo hacían durante la cena; y los que decían tomar poco sodio y bastante, era en el almuerzo. Se encontró correlación significativa entre ingesta de sodio total e IMC (r=0,411, p & lt0,05. No se encontró relación entre consumo de sodio y hipertensión arterial. Conclusiones: Al menos en la muestra estudiada, no existe relación entre ingesta de sodio y presión arterial; existe una relación directa entre consumo de sodio y la persona que cocina. Por otro lado, la percepción que tienen estos pacientes respecto a su

  20. Efeitos do repouso e do exercício no solo e na água em hipertensos e normotensos Effects of rest and exercise on ground and in water in hypertensive and normotensive patients

    Marcelo Luza

    2011-12-01

    Full Text Available Este estudo visou avaliar o efeito do repouso e do exercício, realizados no solo e na água, sobre a frequência cardíaca (FC, pressão arterial sistólica (PAS e diastólica (PAD e o volume de diurese em indivíduos hipertensos e normotensos. Foram analisados 20 indivíduos divididos em dois grupos, normotensos (GN, n=8 e hipertensos (GH, n=12. Em ambos foram realizados quatro protocolos distintos, dois de exercícios e dois de repouso, no solo e na água. A PAS, PAD e FC foram mensuradas durante repouso e aos 30, 60 e 90 minutos após cada protocolo. O volume de diurese foi corrigido pelo peso corporal e coletado 30 minutos após cada protocolo. No GH, o protocolo de exercício no solo promoveu redução média de 16,5±3,7 mmHg (p=0,01 da PAS aos 90 minutos pós-exercício. No GN, o protocolo de repouso na água promoveu redução média de 14 bpm (pThe aim of this study was to assess the effect of rest and exercise, accomplished on the ground or in water on the heart rate (HR, systolic blood pressure (SBP and diastolic blood pressure (DBP and the volume of diuresis in hypertensive and normotensive individuals. Twenty individuals were analyzed and divided into two groups, normotensive (GN, n=8 and hypertensive (GH, n=12. Both groups accomplished four distinct protocols, two protocols of exercise and two protocols of rest on the ground and in the water. The SBP, DBP and HR were measured at rest and at 30, 60 and 90 minutes after each protocol. The volume of diuresis was corrected for the body weight and collected 30 minutes after each protocol. In the GH, the exercise protocol on the ground caused an average reduction of 16.5±3.7 mmHg (p=0.01 in SBP at 90 minutes post-exercise. In the GN, the protocol of rest in the water caused an average reduction of 14 bpm (p<0.01 in HR and the volume of diuresis was increased when compared with the protocols accomplished on the ground (p<0.01. Therefore, the immersion triggered bradycardia and increase

  1. Curva dose-resposta do exercício em hipertensos: análise do número de sessões para efeito hipotensor Curva dosis-respuesta del ejercicio en hipertensos: análisis del número de sesiones para efecto hipotensor Dose-response curve to exercise in hypertensive individuals: analysis of the number of sessions to the hypotensive effect

    Paulo Ricardo Nazário Viecili

    2009-05-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: O efeito do exercício na pressão arterial já é conhecido, entretanto a curva dose-resposta do efeito hipotensor do exercício em hipertensos ainda não está clara. OBJETIVO: Avaliar a curva dose-resposta do número de sessões necessárias para causar efeito hipotensor em indivíduos hipertensos. MÉTODOS: Participaram deste estudo 88 indivíduos, com 58 ± 11 anos, divididos em grupo experimental (GE - composto de 48 integrantes de um programa de exercício físico (PEF de 3 meses, 3 vezes por semana, com 40' de exercício aeróbio a 70% do VO2máx e exercícios musculares a 40% da CVM - e grupo-controle (GC - 40 indivíduos que não realizaram PEF. As pressões arteriais sistólica (PAS e diastólica (PAD foram mensuradas antes de cada uma das 36 sessões no GE e avaliadas por MAPA no GC. Observaram-se as diferenças na PA, o índice de variação (D% e o efeito hipotensor máximo (EHM% entre as sessões. Os dados foram expressos por M ± DP, e usou-se teste t e correlação, considerando p FUNDAMENTO: Ya se conoce el efecto del ejercicio en la presión arterial, sin embargo, la curva dosis-respuesta del efecto hipotensor del ejercicio en hipertensos no está aclarada aún. OBJETIVO: Evaluar la curva dosis-respuesta del número de sesiones necesarias para causar efecto hipotensor en individuos hipertensos. MÉTODOS: El estudio estaba conformado por 88 individuos, con 58 ± 11 años, divididos en grupo experimental (GE -conformado por 48 integrantes de un programa de ejercicio físico (PEF de tres meses, tres veces por semana, con 40' de ejercicio aerobio al 70% del VO2máx y ejercicios musculares al 40% de la capacidad voluntaria máxima (CVM; y grupo-control (GC con 40 individuos que no realizaron el PEF. Se midieron las presiones arteriales sistólica (PAS y diastólica (PAD del GE antes de cada una de las 36 sesiones y en el GC se las evaluaron por monitoreo ambulatorio de presión arterial (MAPA. Se observaron las

  2. Adiposidade corporal e hipertensão arterial em crianças e adolescentes obesos - doi:10.5020/18061230.2009.p88

    Joel Saraiva Ferreira

    2012-01-01

    Full Text Available Objetivo: Investigar a relação entre a hipertensão arterial e adiposidade corporal em crianças e adolescentes obesos. Métodos: Estudo transversal no qual 129 crianças e adolescentes obesos de ambos os gêneros com idade variando de 7 a 14 anos foram avaliados. A adiposidade foi caracterizada a partir dos dados obtidos como: índice de massa corporal (IMC, percentual de gordura corporal (%GC e relação cintura-quadril (RCQ. O grupo foi dividido em dois subgrupos (normotensos e hipertensos mediante o nível de pressão arterial (PA. O teste estatístico de Kruskal Wallis foi empregado para determinar a significância na relação entre dados antropométricos e níveis de pressão arterial. Adotou-se um valor de p ? 0,05. Resultados: Verificou-se que 101 (78,29% participantes eram normotensos e 28 (21,71% hipertensos. Em relação à adiposidade, o grupo dos hipertensos apresentou níveis mais elevados de IMC e o %GC quando comparado com o normotenso (p<0,05. A partir dos dados da RCQ, não houve associação estatística entre a relação cintura-quadril e o nível pressórico. Conclusões: As crianças e adolescentes obesos apresentaram relação estatisticamente significativa entre adiposidade corporal e níveis de pressão arterial; no entanto, a localização da gordura não foi um fator determinante desta diferença.

  3. Influência da cafeína na resposta pressórica ao exercício aeróbio em sujeitos hipertensos Caffeine influence on blood pressure response to aerobic exercise in hypertensive subjects

    Raquel Freire Cazé

    2010-10-01

    Full Text Available A redução da pressão arterial (PA promovida pelo exercício físico é evidente segundo a literatura atual. Mecanismos neuro-humorais explicam essa resposta hipotensora, em que a diminuição da atividade simpática apresenta-se como um dos principais mecanismos. Porém, a ingestão de alimentos ricos em cafeína (CA pode suprimir esta atenuação simpática. O objetivo desse estudo foi elucidar o impacto da ingestão de CA na resposta pressórica ao exercício em pessoas hipertensas. Sete hipertensos (52,3 ± 3,3 anos, sendo cinco mulheres, realizaram duas sessões de caminhada com 40 minutos de duração, em dois dias de treinamento, tendo previamente ingerido CA (4mg/kg de peso corporal ou placebo (PL. A PA e a frequência cardíaca foram verificadas anteriormente a ingestão, após 15, 30, 45, 60 minutos da ingestão em estado de repouso e com 10, 20 e 30 minutos após o exercício. Os dados foram tratados por meio de estatística descritiva, e pelo teste não paramétrico de Wilcoxon (p Blood pressure reduction (BP promoted by physical exercise is evident according to the current literature. Neurohumoral mechanisms explain this hypotensive response, in which decrease of the sympathetic activity appears as one of its main mechanisms. However, the ingestion of caffeine-rich food (CA can suppress this sympathetic attenuation. The objective of this study was to elucidate the impact of CA ingestion in BP after exercise, in hypertensive individuals. Seven hypertensive subjects (52.3 +/-3.3 years, being 5 women, accomplished two walk sessions with 40 minutes of duration, in two days of training, having previously ingested CA (4 mg/kg of body weight or placebo (PL. BP and heart rate were verified previously to the ingestion, after 15, 30, 45, 60 minutes of the ingestion, at rest and with 10, 20 and 30 minutes after exercise. Data were treated through descriptive statistics and by the non-parametric Wilcoxon test (p<0.05. BP mean increased from

  4. ANÁLISE DA VARIABILIDADE DA FREQUÊNCIA CARDÍACA EM INDIVÍDUOS HIPERTENSOS SUBMETIDOS À HIDROTERAPIA

    Renata França

    2012-06-01

    Full Text Available Arterial hypertension (AH is the systolic pressure greater than or equal to 140 mmHg and diastolic blood pressure greater than or equal to 90 mmHg, a morbid condition present in a large population. Since the heart rate (HR is modulated by sympathetic and parasympathetic branches of the autonomic nervous system (ANS. Autonomic changes may be given by the analysis of heart rate variability (HRV, which determines the preservation or impairment of cardiac SNA, witch is extremely associated with the risk of mortality. The purpose of this research was to observe the response of HR in order to facilitate clinical interpretation, exercise prescription and prevention of cardiovascular diseases. The participants were 15 hypertensive, sedentary, age 50 to 75 years, assessed medical history, medication and stress test analysis of walking to the degree of risk stratification and better planning of treatment. The physiotherapy treatment was performed in the heated pool of physical therapy clinic at the University of Oeste Paulista - UNOESTE of Presidente Prudente. The implementation of physical activity was performed with 60 to 75% of submaximal heart (195 - age using the Karvonen formula. It was used T test for paired data. Results proved significant in RR intervals (p0.005. The survey revealed that there was no change in HRV after the training period, assuming that the holiday period and the absence of treatment in some patients may have influenced the responses.

  5. Asociación entre el crecimiento bacteriano de la flora intestinal y la presión arterial de hombres adultos mayores hipertensos después de cinco semanas de consumo de soya (Glicine máx

    Celia Rossi Trespalacios

    2014-01-01

    Full Text Available Objetivo: Objetivo: Determinar la asociación entre el crecimiento bacteriano de la flora intestinal y la presión arterial de hombres adultos mayores hipertensos después de cinco semanas de consumo de soya (Glicine máx. Materiales y métodos: Estudio cuasiexperimental para evaluar la asociación entre cambios en la presión arterial y el crecimiento bacteriano en 24 hombres hipertensos con edades entre 61 y 82 años residentes en el barrio Las Malvinas (suroccidente de Barranquilla, quienes adicionaron a su dieta habitual “leche de soya” de grano entero sin lactosa (18 gramos de proteína de soya por día durante 6 semanas. En el análisis microbiológico de las heces se determinaron los géneros y la cantidad de bacterias mediante técnicas tradicionales. Se midió la presión arterial al inicio y final del tratamiento. Resultados: Los recuentos de bacterias aeróbicas al inicio fueron 10 5 a 10 9 y al final 10 6 a 10 9 UFC/gramo de muestra; en bacterias anaeróbicas se encontraron los recuentos más altos: 10 5 a 10 9 antes y 10 6 a 1010 UFC/g al final. Después del tratamiento con soya la presión sistólica disminuyó en 37.5 % de los participantes, la diastólica en 16.67 %, la media en 45.83 % y la de pulso en 45.83 %; sin embargo, no hubo significancia estadística en ningún caso. El coeficiente de correlación de Pearson entre presión arterial y crecimiento bacteriano fue 0.14. Conclusiones: Se observó una asociación débil e inversa entre el incremento de la microbiota intestinal y la disminución de la presión arterial.

  6. Perfil clínico e resposta circulatória ao estresse gravitacional ativo de indivíduos pré-hipertensos e sua comparabilidade com hipertensos e normotensos

    Avena, Katia de Miranda

    2013-01-01

    A caracterização do estado pré-hipertensivo é fundamental para prevenção primária da hipertensão. Esse estudo descreve o perfil clínico e a resposta circulatória ao estresse gravitacional ativo (EGA) de pré-hipertensos, comparando-os ao de hipertensos e normotensos. Métodos: Estudo transversal com 137 hipertensos (pressão arterial, PA, ≥140/90mmHg), 72 pré-hipertensos (PA 140-120/90-80mmHg) e 72 normotensos (PA

  7. Aplicação do modelo de crenças em saúde na adesão do trabalhador hipertenso ao tratamento Application of the model of health beliefs in the worker's compliance with hypertension treatment

    Ana Karine de Figueiredo Moreira

    2009-01-01

    Full Text Available Estudo descritivo e qualitativo que objetivou analisar as mudanças comportamentais em trabalhadores hipertensos na adesão ao tratamento, após aplicação de uma tecnologia em saúde embasada no Modelo de Crença em Saúde. O cenário da pesquisa foi uma instituição filantrópica e, após a proposta de educação em saúde, os participantes foram entrevistados. Selecionamos as seguintes categorias temáticas: percepção da severidade da HAS, percepção dos benefícios da adesão, percepção dos custos da mudança, identificação das mudanças visando à adesão e motivação para o estabelecimento de metas para a mudança. Os dados alcançados reforçam a educação em saúde do trabalhador hipertenso como estratégia de mudança de hábitos e valores pela aquisição de novos conhecimentos e adoção de atitudes favoráveis à saúde, através de uma educação crítica e transformadora, em que o sujeito assume participação ativa no processo de aprendizagem.Qualitative and descriptive study aiming to examine the behavioral changes in hypertensive workers in the compliance with treatment after application of a health technology based on the Health Belief Model. The scenario of the research was a philanthropic institution, and after presenting health education issues, the participants were interviewed. Then we selected the following theme categories: perception of the severity of hypertension, awareness of the benefits of compliance, awareness of change costs, identification of the changes aiming the compliance and motivation for the establishment of objectives for the change. The data obtained reinforce the health education of hypertensive worker as a changing strategy of habits and values for the acquisition of new knowledge and adoption of positive attitudes towards health, through a critical and changing education, in which the subject actively participates in the learning process.

  8. Efetividade de um programa de exercícios no condicionamento físico, perfil metabólico e pressão arterial de pacientes hipertensos Exercise program effectiveness on physical fitness, metabolic profile and blood pressure of hypertensive patients

    Henrique L. Monteiro

    2007-04-01

    Full Text Available HISTÓRICO E OBJETIVO: Tem sido mostrado que exercícios aeróbios são úteis na redução da pressão arterial. Contudo, a efetividade de um programa de exercícios ainda é controversa e não foi bem analisada em populações de baixa renda. O objetivo do presente estudo foi estabelecer um programa de condicionamento físico individualizado - Projeto Hipertensão - focado em pessoas hipertensas, pacientes da Unidade Básica de Saúde (UBS e, logo após, investigar os efeitos deste programa no condicionamento físico, perfil metabólico e níveis de pressão. MÉTODOS: Dezesseis mulheres hipertensas (56 ± 3 anos sob tratamento farmacológico regular foram submetidas a 4 meses de um programa de exercícios aeróbios e de alongamento (3 sessões/semana, 90 min/sessão, 60% de VO2max. Diversas variáveis físicas e metabólicas foram comparadas antes e depois de 4 meses de treinamento. RESULTADOS: O treinamento diminuiu significativamente a pressão arterial sistólica (PAS, -6%; melhorou o condicionamento cardiorrespiratório (+42% do VO2max, flexibilidade (+11% e conteúdo de glicose plasmática (-4%. IMC e % de gordura não tiveram modificação. Além de modificar o perfil metabólico, observou-se que o treinamento apresentou correlações significativas entre os valores iniciais individuais de nível de colesterol total (CT, lipoproteína de alta densidade (HDL-C e lipoproteína de baixa densidade (LDL-C e suas respostas após exercício. CONCLUSÕES: O estudo mostra que programas de exercício podem ser personalizados para pacientes hipertensos da UBS e confirma a efetividade do exercício na PA, condicionamento físico, flexibilidade e perfil lipídico em pacientes hipertensos. A redução expressiva de PA em sujeitos hipertensos sugere que esta intervenção de exercícios deve ser enfatizada em outros centros que assistam populações de baixa renda.BACKGROUND AND OBJECTIVE: It has been shown that aerobic exercise is useful to reduce

  9. Prevalência e fatores sociodemográficos em hipertensos de São José do Rio Preto - SP Prevalence and sociodemographic factors in a hypertensive population in São José do Rio Preto, São Paulo, Brazil

    Claudia B. Cesarino

    2008-07-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A hipertensão arterial sistêmica (HAS constitui um dos maiores problemas de saúde pública no Brasil. Sua detecção e tratamento precoce devem ser prioridades para reduzir a morbidade e mortalidade das doenças cardiovasculares. OBJETIVO: Neste estudo objetivou-se estimar a prevalência de hipertensão arterial sistêmica na população e identificar os fatores sociodemográficos dos hipertensos de São José do Rio Preto - SP/Brasil. MÉTODOS: Em 2004/2005, realizou-se um estudo transversal, em amostra de 1.717 indivíduos estratificada por faixa etária, representativa da população adulta e urbana da cidade de São José do Rio Preto - SP/Brasil. RESULTADOS: A amostra foi constituída por 1.717 indivíduos, dos quais 762 (25,2% eram hipertensos: 54,6% eram mulheres; 78,4%, brancos; 66,1%, analfabetos/Ensino Fundamental incompleto; 63,9%, casados; 40,9%, classes sociais D e E; 37,9%, inseridos no mercado de trabalho como profissionais liberais ou assalariados. CONCLUSÃO: Os resultados do estudo da HAS em São José do Rio Preto indicam a necessidade de intervenções educacionais contínuas de início precoce.BACKGROUND: Systemic arterial hypertension (SAH is one of the greatest problems of public health in Brazil. Its detection and early treatment should be a priority to reduce the morbimortality of the cardiovascular diseases. OBJECTIVE: This study aimed at assessing the prevalence of SAH and the sociodemographic factors in a population of hypertensive individuals from São José do Rio Preto, São Paulo, Brazil. METHODS: A cross-sectional study was carried out in a stratified sample of 1,717 people, representative of the urban adult population from the city of São José do Rio Preto, between 2004 and 2005. RESULTS: The sample consisted of 1,717 people, with 762 of them (25.2% being characterized as hypertensive. The following results were observed: 54.6% were women; 78.4% were caucasian; 66.1% were illiterate or had not

  10. Análise da variabilidade da freqüência cardíaca em pacientes hipertensos, antes e depois do tratamento com inibidores da enzima conversora da angiotensina II Analysis of heart rate variability in hypertensive patients before and after treatment with angiotensin II-converting enzyme inhibitors

    Antônio da Silva Menezes Júnior

    2004-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar a variabilidade de freqüência cardíaca em indivíduos normotensos e hipertensos e observar o comportamento do sistema nervoso autônomo após terapia com inibidores da enzima conversora de angiotensina II. MÉTODO: Estudados 286 pacientes com diagnóstico de hipertensão arterial, pela 1ª vez, e divididos em 4 grupos, conforme a pressão arterial diastólica (PAD: grupo A - PAD110 mmHg. Os pacientes do grupo A (normais e do grupo C (HA moderada, somando 110 e 79 pacientes, respectivamente, submeteram-se ao Holter-ECG 24h com análise de variabilidade de freqüência cardíaca no domínio do tempo (DT e no domínio da freqüência (DF. O grupo C foi tratado com inibidores da ECA durante 3 meses, e após esse período novamente avaliado com Holter-ECG 24h e variabilidade da freqüência cardíaca, e os valores comparados com os normotensos. RESULTADOS: Os parâmetros SDNN, PNN50 (DT e o espectro LF (DF foram significativamente diferentes para os dois grupos, com valores notadamente diminuídos em hipertensos (pOBJECTIVE: To compare heart rate variability in normotensive and hypertensive individuals and to observe the behavior of the autonomic nervous system after treatment with angiotensin II-converting enzyme inhibitors. METHOD: The study comprised 286 patients diagnosed with arterial hypertension (AH for the first time and divided into 4 groups according to diastolic blood pressure (DBP levels: group A - DBP110 mmHg. Group A (110 healthy individuals and group C (79 patients with moderate AH underwent 24-hour Holter-ECG with analysis of heart rate variability in time domain (TD and frequency domain (FD. The group C patients were treated with ACE inhibitors for 3 months, and, after this period, they underwent a new 24-hour Holter-ECG study for assessing heart rate variability, the values being compared with those of normotensive individuals. RESULTS: The SDNN and PNN50 parameters (TD, and the LF spectrum (FD were

  11. Ecocardiografia em pacientes com apneia do sono grave com e sem pressão arterial controlada: Estudo transversal

    Denis Martinez

    2016-01-01

    Full Text Available Introdução: A apneia obstrutiva do sono (AOS afeta a anatomia e função do coração. Ocorre hipertensão arterial em metade dos casos de AOS, dificultando atribuir a etiologia dessas alterações separadamente à hipertensão arterial ou à apneia do sono. Métodos: Estudo transversal de pacientes com índice de apneia-hipopneia maior que 50 eventos por hora. As variáveis ecocardiográficas comparadas em indivíduos com hipertensão arterial controlada e não controlada foram: 1 fração de ejeção, 2 diâmetro da aorta, 3 diâmetro do átrio esquerdo, 4 diâmetro de ventrículo direito, 5 diâmetros do ventrículo esquerdo diastólico e sistólico, 6 percentagem delta, 7 espessura do septo, 8 espessura da parede posterior. Resultados: Foram incluídos 83 voluntários, 50 com pressão arterial não controlada. Em média, a idade era 47±9,5 anos, o índice de massa corporal 34±5,4 Kg/m2, o índice de apneia-hipopneia 86±18 eventos/hora. Sessenta pacientes apresentaram anormalidade no ecocardiograma. A hipertrofia de ventrículo esquerdo foi o achado mais comum, sem diferença de frequência em controles (39% e em hipertensos (48%, seguida por disfunção diastólica em controles (27% e em hipertensos (32%. Conclusões: Indivíduos com apneia do sono grave e pressão arterial controlada apresentam alterações no ecocardiograma de tipo e frequência semelhantes aos com hipertensão não controlada. Isso sugere que a apneia do sono pode causar dano cardíaco independentemente de hipertensão. Quando não explicáveis por hipertensão arterial, achados como hipertrofia de ventrículo esquerdo podem ser provocados por apneia do sono.   Introduction:  Obstructive sleep apnea (OSA affects the cardiac anatomy and function. Hypertension occurs in half the OSA cases, making it difficult to attribute the cause of these changes separately to arterial hypertension or sleep apnea. Methods: Prospective cross-sectional study of volunteers with apnea

  12. Impacto de dois programas de educação nutricional sobre o risco cardiovascular em pacientes hipertensos e com excesso de peso Impact of two nutritional education programs on cardiovascular risk in overweight hypertensive patients

    Tatiana Souza Alvarez

    2009-02-01

    Full Text Available OBJETIVO:Comparar os efeitos de dois protocolos de um programa de intervenção nutricional sob o risco cardiovascular em pacientes hipertensos e com excesso de peso em uso de medicamentos usual. Os pacientes foram acompanhados no Ambulatório de Hipertensão e Metabologia Cardiovascular, Universidade Federal de São Paulo. MÉTODOS:A população do estudo foi constituída por 63 pacientes hipertensos e com excesso de peso [índice de massa corporal >27 e OBJECTIVE:To evaluate and compare the effects of two study protocols with a program of educational nutrition intervention on CARDIOVACULAR risk in overweight hypertensive patients maintained on their usual medication. Patients were followed at Hypertension and Metabology Division of Federal University of São Paulo. METHODS: Sixty tree overweight [body mass index >27 e <39kg/m²] hypertensive patients, age M=55,7 (Standard deviation - SD=6,1 years old, 12 men and 51 women, were divided into two groups according to visit intervals, either every five weeks (G35 n=25 or every two weeks (G14 n=38, during twenty weeks. The two groups were submitted to an educational program aiming to improve the quality of their diet and to promote changes in their alimentary habits. Before and at the end of the study period, all patients were submitted to blood pressure determinations, to anthopometric measurements and to laboratorial evaluation for the calculation of Framingham coronary risk. RESULTS:At the end of the study significant and similar changes in body mass index, waist circumference (102,9, SD=9,7 vs 101,8, SD=7,6 NS, systolic blood pressure (139,7, SD=12,4 vs 134,8, SD=8,2 NS, total cholesterol (192,9, SD=35,7 vs 195,2, SD=37,8 NS, energy intake (1759,5, SD=385,8 vs 1858,7, SD=452,8 NS and Framingham coronary risk (11,1, SD=6,1 vs 9,4, SD=3,5 NS we observed in G14 and G35 groups respectively. CONCLUSION: A short program of nutritional intervention was shown to be useful to reduce coronary risk in

  13. Adaptacao brasileira de questionario para avaliar adesao terapeutica em hipertensao arterial

    Samara Ramalho Matta

    2013-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever etapas da adaptação transcultural de questionário de avaliação de adesão terapêutica em hipertensão arterial, desenvolvido no idioma espanhol, para aplicação ao contexto brasileiro. MÉTODOS: A fim de estabelecer equivalências conceitual, de itens, semântica e operacional, foram realizadas duas traduções para o português de modo independente e duas retraduções para o espanhol. Traduções e retraduções foram avaliadas quanto à alteração nos significados referencial e geral. Realizaram-se duas aplicações de pré-testes com pacientes hipertensos e/ou diabéticos, com a versão síntese, que contribuíram para identificar diferentes problemas e confirmar decisões tomadas. RESULTADOS: A segunda tradução e retradução foram mais bem avaliadas, pois não houve alteração dos significados para cinco dos 12 itens do questionário. Foram feitas alterações operacionais, e uma vinheta com as opções de resposta e um exemplo no enunciado do instrumento facilitaram a aplicação nas entrevistas. CONCLUSÕES: Os resultados obtidos na avaliação das equivalências conceitual, de itens, semântica e operacional permitiram chegar a uma versão em português do questionário MBG para avaliar adesão terapêutica para aplicação no contexto brasileiro.

  14. Avaliação de pacientes hipertensos acompanhados pelo Programa Saúde da Família em um Centro de Saúde Escola Evaluación de los pacientes hipertensos acompañado del Programa Salud de Familia del Centro de Salud Escuela Evaluation from the hypertensive patients followed in the Family Health Program at Health School Center

    Gisele Machado Peixoto Mano

    2005-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar dois grupos de hipertensos: um atendido no programa tradicional e outro acompanhado pelo Programa Saúde da Família (PSF. MÉTODO: Foram analisados 113 prontuários de hipertensos do programa tradicional e 113 do PSF. RESULTADOS: Os hipertensos do PSF foram estatisticamente diferentes dos demais (pOBJETIVO: Este trabajo compara dos grupos de hipertensos: uno atendido por el proceso tradicional de asistencia en la unidad básica de salud y otro acompañado por el programa salud de la familia (PSF. MÉTODO: Fueran analizados 113 prontuarios de cada grupo RESULTADOS: Los hipertensos del PSF fueron diferentes (pOBJECTIVE: The study compared two groups of hypertensive patients: one attended by the traditional process of basic health unit care and the other one followed by the Family Health Program (FHP. METHOD: 113 records of hypertensive patients attended by the traditional process basic heath unit care and 113 by the FHP RESULTS: The results showed that hypertensive patients from FHP were different (p<0.05 in relation to the others on the predominance of the white race; lower education level; fewer workers; older age and higher weight; more tobacco users; less alcoholic beverage, less physical activity, and longer time of hypertension. The patients from FHP had more nursing appointments, nursing home visit, medical home visit, and participation in specific groups; however, there were fewer medical appointments and more attendance at the emergence room. The patients at FHP presented a significant reduction in the blood pressure (152 ± 24/92±15 vs 142 ± 21/85±13 mm Hg from the beginning to the end of the period of the study with initial systolic blood pressure higher than the patients from the traditional program. CONCLUSION: Only 30% of the patients from the traditional program and 20% from FHP had their blood pressure controlled.

  15. Avaliação da pressão arterial e da frequência cardíaca durante imersão em repouso e caminhada

    Kalina Durigon Keller

    Full Text Available OBJETIVO: Este estudo teve como objetivo avaliar o comportamento da pressão arterial e a frequência cardíaca de indivíduos hipertensos e normotensos durante repouso e caminhada enquanto imersos na água em diferentes profundidades. MÉTODO: Foram avaliados 20 indivíduos, 10 hipertensos e 10 normotensos. Todos foram submetidos a 4 avaliações, sendo uma imerso em repouso até a profundidade do processo xifoide durante 20 minutos e outras 3 caminhando durante 20 minutos à intensidade de 65% da frequência cardíaca de reserva, cada uma delas em uma profundidade diferente, cicatriz umbilical, processo xifoide e ombros. RESULTADOS: Os resultados com atividades de caminhada quando comparados com os de repouso evidenciaram que somente a imersão na água parece não causar modificações na frequência cardíaca, mas que esta aumenta durante a execução da atividade aeróbica a uma intensidade moderada dentro da água. Com relação à pressão arterial, foi possível observar que, quando o indivíduo permaneceu imerso em repouso, após sair da água, ela teve um aumento súbito. Porém, quando se associou a imersão com a atividade aeróbica, após a saída da água, a PA teve uma diminuição e ela se manteve, pelo menos por 20 minutos, significativamente inferior ao início da sessão, antes de imergir e começar o exercício. Essa redução foi mais evidente quando o exercício foi realizado na profundidade do processo xifoide. CONCLUSÕES: O exercício aeróbico realizado na água em temperatura neutra contribui para a diminuição da pressão arterial tanto de indivíduos hipertensos como de normotensos, tornando-se um importante aliado no controle da pressão arterial.

  16. Hipertensão arterial e sua correlação com alguns fatores de risco em cidade brasileira de pequeno porte

    Flávia Miquetichuc Nogueira Nascente

    2010-10-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A hipertensão arterial (HA é um problema de saúde que atinge um grande número de hipertensos não diagnosticados ou não tratados adequadamente e que possui um alto índice de abandono ao tratamento. OBJETIVO: Estimar a prevalência da HA e sua correlação com alguns fatores de risco cardiovasculares na população adulta de Firminópolis-GO. MÉTODOS: Estudo descritivo, observacional e transversal com base populacional, amostra aleatória simples (> 18 anos: questionários padronizados com medidas de pressão arterial (critério de HA > 140 x 90 mmHg, peso, altura, índice de massa corporal (IMC e circunferência da cintura (CC. Dados armazenados (Microsoft Acess e analisados pelo Epi-info. RESULTADOS: Investigados 1.168 indivíduos, com predomínio de mulheres. Sexo feminino - 63,2% com média de idade entre 43,2 ± 14,9 anos. Prevalência de sobrepeso em 33,7% e obesidade em 16,0% dos indivíduos. Prevalência de CC alterada em 51,8% e de tabagismo em 23,2%. Sedentarismo no trabalho e no lazer presente em 67,6% e em 64,8% dos indivíduos, respectivamente, com proporção maior entre as mulheres. Etilismo em 33,3% da amostra. A prevalência de HA foi de 32,7%, em maior número entre os homens (35,8% do que entre as mulheres (30,9%. Encontrada correlação positiva da HA com IMC, CC e faixa etária. Correlação negativa de HA e escolaridade, com 18,2% de hipertensos com nove anos ou mais de estudo. CONCLUSÃO: Encontrada alta prevalência de HA, excesso de peso e CC. O sexo feminino representou fator de proteção para o risco de HA. Encontradas correlação positiva da HA com IMC, CC, e faixa etária e correlação negativa com escolaridade.

  17. Prevalência de fatores de risco para doenças cardiovasculares em hipertensos cadastrados em unidade de saúde da família - DOI: 10.4025/actascihealthsci.v31i1.4492 Prevalence of risk factors for cardiovascular diseases among people with hypertension enrolled in a family health unit - DOI: 10.4025/actascihealthsci.v31i1.4492

    Marcos Aparecido Sarriá Cabrera

    2009-05-01

    Full Text Available As doenças crônicas não-transmissíveis, em especial as doenças cardiovasculares, têm-se revelado como importante causa de morbimortalidade no Brasil, principalmente na área urbana. Estes agravos apresentam inúmeros fatores de risco, entre os quais são reconhecidos a hereditariedade, a idade, a raça, o sexo, a hipertensão arterial, o tabagismo, as dislipidemias, a diabetes, a obesidade e o sedentarismo. Este estudo buscou estimar a prevalência de alguns fatores de risco para doenças cardiovasculares em indivíduos hipertensos, de 20 a 79 anos, cadastrados em uma Unidade de Saúde da Família de Londrina, Estado do Paraná. Os dados foram coletados em entrevista domiciliar, com questões referentes a aspectos socioeconômicos e demográficos, estilo de vida e condição de saúde. Entre os 385 pacientes entrevistados, foram observadas as seguintes prevalências: 28,6% com colesterol elevado; 16,9% de tabagistas; 5,5% de consumidores regulares de bebidas alcoólicas; 70,4% que não praticavam atividade física; 22,9% com diabetes; e 30,9% com história familiar de doenças cardiovasculares. Observou-se elevada prevalência de fatores de risco cardiovasculares, especialmente a inatividade física. O manejo adequado destes fatores com medidas educativas e preventivas é fundamental para a redução das complicações cardiovasculares no grupo de pacientes hipertensos.Non-transmissible diseases, particularly cardiovascular diseases, have emerged as important causes of morbidity and mortality in Brazil, mainly in urban areas. Heredity, age, race, gender, high blood pressure and lipids, smoking, diabetes, obesity and physical inactivity are recognized risk factors for these events. This study aimed to estimate the prevalence of some risk factors for cardiovascular diseases among hypertensive patients aged 20 to 79 years who had been enrolled in a Health Family Unit in Londrina, Paraná State, Brazil. Data was collected during home

  18. Influência de fatores socioeconômicos na qualidade de vida de idosos hipertensos

    João Marcus Oliveira Andrade

    2014-08-01

    Full Text Available O presente estudo teve como objetivo analisar a associação entre fatores socioeconômicos e qualidade de vida de idosos hipertensos atendidos pelo Programa Saúde da Família na cidade de Montes Claros, Minas Gerais, Brasil. Consistiu em um estudo transversal analítico conduzido em amostra representativa de 294 idosos hipertensos. Os dados foram coletados por meio de questionário de caracterização socioeconômica e de qualidade de vida (Minichal. Foram analisados por meio de testes não paramétricos de Mann-Witney e Kuskall-Wallis. Os resultados, por sua vez, mostraram que o estado conjugal, a religião e a escolaridade afetam de maneira estatisticamente significativa a qualidade de vida de idosos hipertensos. Idosos hipertensos solteiros/divorciados/viúvos, evangélicos, espíritas e pertencentes a outras entidades religiosas, e analfabetos apresentaram menores escores de qualidade de vida. Para as demais variáveis analisadas, não houve associação estatística. Conclui-se que os fatores socioeconômicos como estado conjugal, escolaridade e religião influenciam na qualidade de vida de idosos hipertensos.

  19. Repercusiones hospitalarias por suspensión de cirugías programadas en hipertensos

    Danelia Gómez Torres

    2005-01-01

    La suspensión de cirugías por hipertensión arterial no detectada en pacientes programados, se identifica en alto porcentaje (15%). La investigación se desarrolla con metodología de estudio de caso en cinco hipertensos. Se utilizó técnica de costeo y estudio de tiempos y movimientos, apoyándose de un flujograma, describiendo los servicios que atendieron al hipertenso y realizándoles entrevista al egreso. Los resultados mostraron: Los enfermos no fueron protocolizados adecuadamente, la detecció...

  20. Avaliação da ingestão dietética de cálcio em indivíduos adultos portadores de hipertensão arterial idiopática

    Paulo H. Waib

    1992-02-01

    Full Text Available Foi estudada a relação entre a ingestão dietética de cálcio e os demais parâmetros alimentares e antropométricos em 60 indivíduos adultos, portadores de hipertensão arterial idiopática (10 homens e 50 mulheres, com média etária de 48,6 anos, seguidos no Centro de Hipertensão Arterial do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (SP, Brasil. Foram utilizados três métodos diferentes de inquérito aumentar em três diferentes ocasiões: recordatório de 24h, questionário de freqüência alimentar, dirigido para ingestão de cálcio, e registro alimentar de 3 dias. As médias de ingestão de cálcio, extraídas desses inquéritos, foram semelhantes, mostrando que, em relação á ingestão de cálcio, esses métodos de inquérito alimentar podem ser utilizados indistintamente com o objetivo de se mensurar à ingestão de cálcio de um grupo de indivíduos. Além da ingestão de cálcio, foi avaliada a ingestão protéico-calórica e de diversos outros nutrientes, assim como realizada a antropometria desse grupo de hipertensos em três ocasiões diferentes, com intervalos variando de duas semanas a 15 meses. Quando comparado a um grupo de referência local, constituído de indivíduos sadios, com média etária semelhante, o grupo de hipertensos mostrou ter menor ingestão média de cálcio. Comparados por sexo, os homens dos dois grupos exibiram perfis nutricional e antropométrico semelhantes. Em relação às mulheres, houve diferenças quanto à ingestão protéico-calórica, o que se supõe ser devido à ingestão menor do leite e derivados entre as hipertensas. Estas estavam mais pesadas que as mulheres do grupo de referências, à custa de maior massa muscular, provavelmente devido a maior atividade física. Concluiu-se que o cálcio dietético foi o principal item alimentar que distinguiu hipertensos de normotensos. Como existem estudos clínicos comprovando o efeito benéfico da suplementação de cálcio na

  1. Qualidade da informação sobre diabéticos e hipertensos registrada no Sistema HIPERDIA em São Carlos-SP, 2002-2005 Quality of information on diabetic and hypertensive patients from the HIPERDIA System in the city of São Carlos, São Paulo State, 2002-2005

    Aline Danielle Iezzi Jardim

    2009-01-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi analisar a qualidade da informação sobre diabéticos e hipertensos registrada no Sistema HIPERDIA, na cidade de São Carlos, São Paulo, no período de 2002 a 2005. Foram analisados, descritiva e sequencialmente, todos os 2.662 cadastros, no Sistema HIPERDIA, realizados no período de 1º/6/2002 a 31/12/2005. Sobrepeso/obesidade foi assinalado em 63% dos cadastros, mas quando o índice de massa corporal foi calculado, estava presente em 79,4% deles. Do total, 21% dos cadastros não possuíam registro de medida da cintura. Em 34% dos cadastros havia registro apenas de glicemia capilar de jejum e em 82% destes, os valores eram > 110mg/dl. Em 48% dos cadastros havia registro apenas de glicemia capilar pós-prandial e em 67% destes, os valores eram > 140mg/dl. Doença renal, pé diabético, amputação por diabetes e doenças cardiovasculares foram assinalados em apenas 9,6%, 5,1%, 2,4% e 32,3% dos formulários, respectivamente. Não há informações relativas à retinopatia e neuropatia diabéticas, como exames de fundo de olho e de sensibilidade de membros inferiores. Adicionalmente, não há registros de hemoglobina glicosilada, excreção urinária de albumina ou eletrocardiograma. Os dados sugerem ausência, imprecisão e contradição de importantes informações sobre diabéticos e hipertensos e apontam a necessidade de capacitação profissional e de utilização de critérios clínico-laboratoriais para a caracterização das complicações crônicas decorrentes do DM e hipertensão arterial registradas no Sistema HIPERDIA. As deficiências encontradas podem levar ao subdimensionamento epidemiológico dessas doenças na população brasileira e comprometer o planejamento de estratégias destinadas à prevenção e controle dessas doenças.This paper aimed to analyze the quality of information on diabetic and hypertensive patients registered in HIPERDIA System in the city of São Carlos, São Paulo State, from

  2. Hipertensão arterial sistêmica e morbidade psiquiátrica em ambulatório de hospital terciário Hypertension and psychiatric morbidity: a tertiary care setting experience

    ISABELA M. BENSEÑOR

    1998-09-01

    Full Text Available A hipertensão arterial sistêmica representa um dos principais fatores de risco para as doenças cardiovasculares que são a principal causa de morte em nosso meio. Hipertensos que frequentam hospital terciário apresentam elevada co-morbidade incluindo distúrbios psiquiátricos. O objetivo deste estudo é avaliar a morbidade psiquiátrica em hipertensos graves. Este estudo foi realizado em ambulatório geral de hospital terciário: 41 pacientes (26 mulheres e 15 homens foram submetidos a consulta médica com aplicação do PRIME-MD, um questionário específico para diagnóstico de alterações psiquiátricas a ser realizado pelo clínico. A frequência de distúrbios psiquiátricos diferiu em homens e mulheres: 63,4% das mulheres na pesquisa apresentavam algum tipo de distúrbio contra 36,6% dos homens (p=0,012. A maior parte dos diagnósticos foi de distúrbios do humor representados pela depressão associada ou não a distúrbios ansiosos. A média de idade dos pacientes com distúrbio psiquiátrico foi 47,1 anos contra 59,3 anos dos pacientes sem distúrbio psiquiátrico (p=0,0049, mostrando a presença dos distúrbios psiquiátricos em pacientes mais jovens. Outros fatores pesquisados, como a pressão arterial sistólica, a pressão arterial diastólica e índice de massa corpórea não apresentaram diferenças em função dos distúrbios psiquiátricos apresentados. Concluímos que há grande co-morbidade psiquiátrica em hipertensos que frequentam ambulatórios de hospital terciário e que esses distúrbios são mais frequentes em mulheres e em pacientes jovens.Arterial hypertension is one of the most important risk factor for cardiovascular disease, the main cause of death in Brazil. Hypertensive patients that have treated in tertiary care hospitals have shown elevated co-morbidity including psychiatric disturbances. Our objective is to study psychiatric co-morbidity among severe hypertensive patients. This study was performed in an

  3. Programa domiciliar de exercícios: efeitos de curto prazo sobre a aptidão física e pressão arterial de indivíduos hipertensos Home exercise program: short term effects on physical aptitude and blood pressure in hypertensive individuals

    Paulo de Tarso Veras Farinatti

    2005-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Observar a influência de quatro meses de um programa domiciliar não-supervisionado de exercícios sobre a pressão arterial (PA e aptidão física em hipertensos. MÉTODOS: Foram observados um grupo experimental com 26 homens e 52 mulheres e um grupo controle, com 9 homens e 7 mulheres, com idades entre 25 e 77 anos. O grupo experimental submeteu-se a um programa domiciliar de exercícios, com atividades aeróbias (60-80% da FC máxima para a idade, 30min de caminhadas no mínimo três vezes por semana, exercícios de flexibilidade. Orientações sobre a ficha de controle e o treinamento eram dadas a cada reavaliação. Foram acompanhados por quatro meses, com reavaliações a cada dois meses, observando-se: PA em repouso; peso corporal, relação cintura-quadril (RCQ, percentual de gordura (%G, somatório de dobras cutâneas (SOMD e relação central e periférica de dobras (P/C; flexibilidade de tronco (FX; relação entre freqüência cardíaca e carga de trabalho durante teste submáximo em ciclo-ergômetro (FC/W, traduzida pela inclinação da curva de regressão entre ambas (a. RESULTADOS: O grupo experimental exibiu alterações significativas para o peso (-3,7 kg, RCQ (-0,03, SOMD (-12 mm, %G (-4,4%, FX (+2,3 cm, FC/W (-0,02 e PA (-6 e -9 mmHg para pressão sistólica e diastólica, respectivamente. O grupo controle teve pequenas alterações no peso (+1,3 Kg e %G (+1,7%. CONCLUSÃO: Programas domiciliares não supervisionados de exercícios, podem exercer efeito positivo sobre a PA e aptidão física de hipertensos.OBJECTIVE: To observe the influence of a four-month-unsupervised-exercise program performed at home on the blood pressure (BP and physical performance in hypertensive adults. METHODS: A target group with 26 men and 52 women, and a control group with 9 men and 7 women were observed, with ages ranging from 25 to 77 years old. The target group underwent a home exercise program, basically with aerobic activity (60

  4. Influence of arterial hypertension on colonic healing in rats Influência da hipertensão arterial na cicatrização colônica em ratos

    Gilberto Luiz Ortolan

    2012-08-01

    Full Text Available PURPOSE: Evaluation of colonic healing in spontaneously hypertensive rats. METHODS: Fifty male, young and inbred rats were used. Twenty-five Wistar Kyoto rats (WKY as control and twenty-five spontaneously hypertensive rats (SHR as an experimental group. Colotomy and bowel suture at 2.5 cm from the peritoneal reflection were performed. All animals were allocated randomly into sub-groups for review at the third, seventh and fourteenth days after surgery. We evaluated the concentration of angiotensin II, the burst pressure, epithelialization, the organization of the tunics of the bowel wall, inflammatory response and collagen deposition. RESULTS: The burst pressure, epithelialization, organization of the tunics and collagen deposition was not significant between groups. The inflammatory reaction was more intense in the control group on the third postoperative day (p=0.023 as the experimental group on the remaining time. CONCLUSION: Systemic arterial hypertension in rats did not influence significantly the healing process of colonic anastomoses.OBJETIVO: Avaliar a cicatrização colônica em ratos espontaneamente hipertensos. MÉTODOS: Cinquenta ratos machos, jovens e isogênicos. Vinte e cinco ratos da linhagem Wistar Kyoto (WKY como controle e vinte e cinco ratos espontaneamente hipertensos (SHR como grupo experimento. Realizou-se colotomia e colorrafia a 2,5 cm da reflexão peritoneal. Alocaram-se os animais aleatoriamente em sub-grupos para avaliação no terceiro, sétimo e décimo quarto dias de pós-operatório. Foram avaliados a concentração de angiotensina II, a resistência da anastomose à insuflação, a epitelização, a organização das túnicas da parede intestinal, a reação inflamatória e a deposição de colágeno. RESULTADOS: A avaliação da resistência da anastomose, epitelização, organização das túnicas e deposição de colágeno não foi significativa entre os grupos. A reação inflamatória foi mais intensa no

  5. Intensidades de treinamento resistido e pressão arterial de idosas hipertensas - um estudo piloto

    Cunha,Eline Silva da; Miranda,Patrícia Angélica de; Nogueira,Silva; Costa,Eduardo Caldas; Silva,Eliane Pereira da; Ferreira,Gardênia Maria Holanda

    2012-01-01

    INTRODUÇÃO: Observa-se que a literatura apresenta uma lacuna acerca da intensidade ideal de treinamento resistido para idosos hipertensos, os poucos estudos existentes utilizam treinamentos com diferentes intensidades. OBJETIVO: Verificar o efeito de duas intensidades de treinamento resistido sobre a pressão arterial de idosas hipertensas controladas. Métodos: Dezesseis idosas hipertensas, controladas por medicação anti-hipertensiva, foram divididas em dois grupos através de sorteio. Nove pac...

  6. Ocurrencia de enfermedad cerebrovascular en pacientes hipertensos

    María de la Concepción Orbay Araña

    2002-10-01

    Full Text Available Se realizó un estudio para establecer la relación entre la hipertensión arterial esencial y la enfermedad cerebrovascular, en 19 consultorios del Médico de la Familia del Policlínico Plaza de la Revolución. Se aplicó una encuesta a pacientes reevaluados como hipertensos, confeccionándose una base de datos para tratamiento en el sistema FOXBASE versión 5.0. Aplicamos prueba de asociación entre variables cualitativas que se distribuyen en Chi cuadrado. Se identificó el comportamiento de la hipertensión arterial atendiendo a grados, los grupos etáreos, el sexo, la raza y los factores de riesgo asociados. Se estableció igualmente la relación entre el control de la hipertensión arterial y la aparición de la enfermedad cerebrovascular y encontramos un 15 % de población hipertensa, predominando la moderada (36,88 %, con mayor representación los grupos etáreos de 55 a 64 años (38,29 % y de 45 a 54 (23,16 %, del sexo femenino (55,02 % y de la raza blanca (54,04 %. La ocurrencia de enfermedad cerebrovascular estuvo representada por el 4, 35 %, correspondiente a 71 pacientes, con mayor asociación a la hipertensión arterial severa. No resultó significativamente estadística la relación entre enfermedad cerebrovascular e hipertensión arterial.A study was conducted to establish the relationship between essential arterial hypertension and cerebrovascular disease in 19 family physician offices of "Plaza de la Revolución" Polyclinic. Those patientes reevaluated as hypertensive were surveyed. A database for treatment was created in the FOXBASE system, version 5.0. A Chi square test of association among qualitative variables, which are distributed, was applied. The behavior of arterial hypertension was identified according to degrees, age groups, sex, race and the associated risk factors. The relation between the control of arterial hypertension and the appearance of cerebrovascular disease was also established. It was found a 15 % of

  7. AVALIAÇÃO DO NÍVEL DE ATIVIDADE FÍSICA EM INDIVÍDUOS PORTADORES DE HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA DA UNIDADE DE ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA DO MUNICÍPIO DE ACREÚNA- GO

    Getúlio Antonio Freitas Filho; Eliene Barbosa Ferreira; Nulciene Firmino Freitas; Leonardo Squinello Nogueira Veneziano; Rejane Maria Cruvinel Cabral; Roberto Dias; Lya Karla Manso Miranda; Kátia Silveira Ferreira; Renata Nascimento Silva; Tairo Vieira Ferreira; Fernando Duarte Cabral

    2017-01-01

    A hipertensão arterial sistêmica (HAS), também conhecida como pressão alta, é um mal que ataca milhões de pessoas em todo o mundo. Estudos epidemiológicos apontam que cerca de 20% da população brasileira sofre com hipertensão. Este trabalho tem por objetivo a avaliação do nível de atividade física em indivíduos portadores de hipertensão arterial sistêmica de unidade de estratégia de saúde da família do município de Acreúna-GO. Foram estudados 33 indivíduos hipertensos, sendo 10 do sexo mascul...

  8. Nível de atividade física, comorbidades e idade de pacientes hipertensos

    Denise Rodrigues Bueno

    2013-09-01

    Full Text Available No envelhecimento, hábito inativo está associado a doenças crônicas. Existem diferentes domínios da atividade física, tais como: tempo livre e locomoção. O objetivo foi analisar associações entre diferentes domínios de atividade física, comorbidades e idade em hipertensos. Foram entrevistados 192 hipertensos. Classificados em menos ativos e mais ativos para atividades no lazer, locomoção, ocupação e total e estratificados em grupos etários. A circunferência de cintura foi avaliada e comorbidades auto referidas. O teste Qui-quadrado analisou as associações e o teste ANOVA one way comparou os grupos etários, adotando significância estatística quando p<0,05. As médias de atividade física ocupacional e total foram menores para idade igual ou acima dos 60 e 70 anos, respectivamente. A atividade ocupacional esteve associada à idade em mulheres e, ao colesterol e diabetes em homens, que também tiveram atividade física de locomoção associada à circunferência de cintura. Em síntese a atividade física de hipertensos associa-se a comorbidades para diferentes grupos etários e sexos.

  9. Resposta pressórica após exercício resistido de diferentes segmentos corporais em hipertensos Respuesta presórica después de ejercicio de resistencia de diferentes segmentos corporales en hipertensos Pressure response after resistance exercise for different body segments in hypertensive people

    Adriana Marques Battagin

    2010-09-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: O exercício resistido tem sido atualmente recomendado como componente adjunto do exercício aeróbico no programa de treinamento físico direcionado ao tratamento e controle da hipertensão arterial sistêmica (HAS. Entretanto, o mesmo ainda não tem sido amplamente incorporado na prática clínica, possivelmente pela escassez de evidências disponíveis sobre os limites seguros da resposta pressórica aguda nessa modalidade. OBJETIVO: Investigar o efeito agudo do exercício resistido progressivo, de diferentes segmentos corporais, na resposta pressórica de pacientes com hipertensão arterial sistêmica (HAS controlada. MÉTODOS: Vinte e cinco pacientes (14 mulheres com HAS controlada com medicamentos (64,5 ± 10,8 anos de idade e sedentários, realizaram três visitas para uma sessão de exercício resistido progressivo aleatória, nos seguintes grupos musculares: quadríceps femoral, grande dorsal e bíceps braquial. Medidas de pressão arterial foram obtidas em todas as visitas no repouso, imediatamente após cada série de exercício e após 5 minutos de recuperação. RESULTADOS: Imediatamente após o exercício resistido agudo, houve significante aumento das pressões sistólicas, sem modificações significantes das pressões diastólicas, quando comparadas aos níveis pressóricos de repouso, para todos os grupos musculares e para todas as intensidades avaliadas. Adicionalmente, observou-se maior tendência à elevação da pressão sistólica quando o quadríceps femoral foi exercitado em alta intensidade. CONCLUSÃO: O exercício resistido de diferentes segmentos corporais promoveu aumentos similares e seguros dos níveis de pressão arterial sistólica, embora com tendência a maior resposta desta quando exercitados grandes grupos musculares em cargas elevadas.FUNDAMENTO: El ejercicio de resistencia ha sido actualmente recomendado como componente adjunto del ejercicio aeróbico en el programa de entrenamiento f

  10. Combinação de anlodipino e enalaprila em pacientes hipertensos com doença coronariana Combinación de amlodipino y enalapril en pacientes hipertensos con enfermedad coronaria Combination of amlodipine and enalapril in hypertensive patients with coronary disease

    Marcos Rienzo

    2009-03-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Pacientes (pts com doença coronariana (DAC estável podem se beneficiar de menor pressão arterial (PA, conforme estudos recentes. OBJETIVO: Avaliar a eficácia e a tolerabilidade da combinação fixa anlodipino + enalaprila, comparada a anlodipino na normalização da PA diastólica (PAD ( 90 e 110 mmHg durante o wash-out de quatro semanas, em uso só de atenolol. Após wash-out randomizamos para combinação (A ou anlodipino (B e seguimos de quatro em quatro semanas até 98 dias. As doses (mg iniciais foram, respectivamente: A- 2,5/10 e B- 2,5, sendo incrementadas se PAD> 85mmHg, nas visitas. Estatística com χ2, Fischer e análise de variância, para pFUNDAMENTO: Pacientes (pts con enfermedad coronaria (EAC estable pueden beneficiarse con una menor presión arterial (PA, de acuerdo con estudios recientes. OBJETIVO: Evaluar la eficacia y la tolerancia de la combinación fija amlodipino + enalapril, comparada a el amlodipino en la normalización de la PA diastólica (PAD (90 y 110 mmHg durante el wash-out de cuatro semanas, en uso sólo de atenolol. Después del wash-out randomizamos para combinación (A o amlopidino (B y seguimos de cuatro en cuatro semanas hasta 98 días. Las dosis (mg iniciales fueron, respectivamente: A- 2,5/10 y B- 2,5, siendo incrementadas si PAD> 85mmHg, en las visitas. Estadística con χ2, Fischer y análisis de varianza, para pBACKGROUND: Patients (pts with stable coronary artery disease (CAD can benefit from a decrease in the blood pressure (BP, according to recent studies. OBJECTIVE: To evaluate the efficacy and tolerability of the fixed combination: amlodipine + enalapril, when compared to amlodipine in the normalization of the diastolic arterial pressure (DAP (90 and 110 mmHg during the four-week wash-out with atenolol treatment alone, were excluded. After the wash-out, pts were randomly distributed for the use of the combination (A or amlodipine (B and were followed every four weeks up to 98 days

  11. Detección de lesión de órgano diana y rigidez arterial mediante monitorización de la presión arterial en 24 horas y frecuencia cardiaca en pacientes hipertensos

    García García, Ángel

    2013-01-01

    [ES] Las enfermedades cardiovasculares son la primera causa de morbi-mortalidad en los países desarrollados y la hipertensión arterial es el principal factor de riesgo para su aparición. Es responsable del 54% de los ictus y del 47% de las cardiopatías isquémicas y, un retraso en su diagnóstico y tratamiento, conlleva a la aparición de lesiones de órganos diana. La lesión de órgano diana renal se evalúa con la creatinina plasmática, la tasa de filtrado glomerular o la microalbuminuria;...

  12. Atividade física como modalidade terapêutica não-medicamentosa: análise do discurso de idosos hipertensos

    Saulo Vasconcelos Rocha

    2014-03-01

    Full Text Available Este estudo tem como propósito analisar os discursos de idosos hipertensos quanto à efetividade de um programa de atividade física. Utilizou-se, como técnica de coleta de dados, um grupo focal. Os indivíduos relataram redução da pressão arterial, maior conscientização no que tange à educação nutricional e adoção de outros hábitos saudáveis, aumento na capacidade de realização das atividades da vida diária, melhoria na autoestima e aumento das relações sociais, após a participação em um programa de atividade física. Atividade Física; Idosos; Hipertensão.

  13. Hipertensos primarios. Evolución de la remodelación cardiaca según tratamiento

    González Núñez, Honey; García López, Vivian; Medina, Ángel; Herrera Cruz, Niria

    2009-01-01

    Fundamento: La hipertensión arterial es un problema prioritario de salud a nivel mundial que afecta eminentemente a las sociedades desarrolladas y es extraordinariamente prevalente. Objetivo: Valorar, después del tratamiento farmacológico, la evolución de la remodelación cardiaca en pacientes hipertensos primarios. Método: Se realizó un estudio observacional, analítico transversal en tres áreas de salud del municipio Camagüey a 178 pacientes hipertensos primarios, mayores de 18 años, diagnost...

  14. Prevalência de transtorno depressivo maior em centro de referência no tratamento de hipertensão arterial Prevalence of major depressive disorders in a reference center for the treatment of hypertension

    Geraldo Francisco do Amaral

    2007-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Investigar a prevalência de transtorno depressivo maior em pacientes hipertensos matriculados em um centro de referência universitário para tratamento de hipertensão arterial e fatores de risco cardiovascular. MÉTODOS: Estudo transversal, descritivo, em amostra aleatória representativa, obtida de forma sistemática, de pacientes em atendimento contínuo na Liga de Hipertensão Arterial da Universidade Federal de Goiás. Aplicou-se o Inventário de Depressão de Beck para rastreamento de sintomas depressivos e a Entrevista Estruturada para o Manual de Diagnóstico e Estatística das Perturbações Mentais - Transtornos do Eixo I para avaliação diagnóstica de transtorno depressivo maior. Foram constituídos um grupo com pacientes portadores de depressão maior, denominado grupo-estudo, e um grupo com pacientes não-portadores de depressão maior, denominado grupo-controle. Avaliou-se variáveis sociodemográficas, pressão arterial e bioquímica sangüínea no momento da coleta de dados. RESULTADOS: Foram entrevistados 285 pacientes, tendo sido encontrada prevalência de 20% de depressão maior na população investigada. A idade média foi significativamente menor para o grupo-estudo, com predomínio do sexo feminino. A prática de atividade física regular foi também significativamente menor entre os pacientes do grupo-estudo, que também apresentaram valores mais elevados de pressão arterial diastólica e de colesterolemia. CONCLUSÕES: Foi encontrada uma prevalência de transtorno depressivo maior em pacientes hipertensos superior àquela encontrada na população geral. Isso aponta para uma necessidade de maior atenção ao diagnóstico dos transtornos depressivos em pacientes hipertensos em atendimento primário e ambulatorial.OBJECTIVE: To investigate the prevalence of major depression disorders in hypertensive patients enrolled in a university reference center for treatment of hypertension and other cardiovascular risk

  15. ADESÃO DE HIPERTENSOS E DIABÉTICOS ANALFABETOS AO USO DE MEDICAMENTO A PARTIR DA PRESCRIÇÃO PICTOGRÁFICA

    Guilherme Souza Cavalcanti de Albuquerque

    2016-01-01

    Full Text Available Resumo A baixa adesão ao tratamento medicamentoso constitui grave entrave para o sucesso do controle de doenças como o diabetes e a hipertensão arterial. Este artigo trata de um estudo que partiu da identificação do analfabetismo como importante causa de não adesão ao tratamento medicamentoso para diabéticos e hipertensos participantes do programa Hiperdia em unidade de saúde do município de Colombo, no estado do Paraná. Teve como objetivo avaliar o impacto de prescrição pictórica na adesão ao tratamento. Analisou-se um grupo de 63 diabéticos e hipertensos que participavam do Hiperdia, para os quais aplicou-se uma entrevista estruturada, com posterior análise do conteúdo, antes e depois da implantação de uma prescrição pictográfica. Como resultado, entre os analfabetos, observou-se a elevação da adesão de 60% para 93,33% em relação ao tratamento medicamentoso. No grupo de alfabetizados não houve mudança na adesão. Conclui-se, no entanto, que esse tipo de intervenção é limitado para a melhora da condição de saúde dos pacientes, pois o aumento da adesão se dá em relação tanto ao tratamento medicamentoso quanto à precariedade.

  16. Caracterização clínico-laboratorial de chagásicos hipertensos sem insuficiência cardíaca manifesta Clinical and laboratory characterization of hypertensive Chagas' disease patients without evident heart failure

    Laura Bertanha

    2008-04-01

    Full Text Available Este estudo avaliou as características de 125 chagásicos, > 25 anos, atendidos no Hospital de Clínicas da Universidade Estadual de Campinas, SP, considerando-se: pressão arterial, idade, gênero, cor, cardiopatia, índice de massa corporal, perfil lipídico, glicemia, etilismo, tabagismo, dislipidemia, diabetes, distúrbio de ansiedade e obesidade. Apresentavam hipertensão arterial 69 (55,2% pacientes. Verificou-se que os chagásicos hipertensos eram mais idosos que os não hipertensos (p = 0,028. Entre os hipertensos havia: mais mulheres (p = 0,015; níveis mais elevados de glicemia, LDL-colesterol e colesterol total (p = 0,005; p = 0,024; p = 0,017; mais diabéticos (p = 0,006, dano cardíaco (p = 0,04 e sobrecarga ventricular esquerda (p = 0,003. Apenas a idade mostrou-se mais elevada nos pacientes com dano cardíaco (p = 0,003. Os chagásicos hipertensos apresentaram características clínico-laboratoriais semelhantes à população hipertensa, em geral. Dessa associação pode haver somatória de efeitos deletérios para o aparelho cardiovascular.This study evaluated the characteristics of 125 Chagas disease patients aged > 25 years or over who were attended at the Clinical Hospital of the State University of Campinas, State of São Paulo. Arterial pressure, age, gender, skin color, heart disease, body mass index, lipid profile, blood glucose level, alcohol and tobacco dependence, dyslipidemia, diabetes, anxiety disorders and obesity were investigated. It was found that the hypertensive Chagas disease patients were older than the non-hypertensive ones (p = 0.028. Among the hypertensive patients, there were more women (p = 0.015; higher blood glucose, LDL cholesterol and total cholesterol levels (p = 0.005, p = 0.024 and p = 0.017; more diabetics (p = 0.006; and more cardiac damage (p = 0.04 and left ventricular hypertrophy (p = 0.003. Only the age of patients with cardiac damage was shown to be higher (p = 0.003. The hypertensive

  17. Qualidade de vida, condições e autopercepçãoda saúde entre idosos hipertensos e não hipertensos

    Dóris Firmino Rabelo

    2011-03-01

    Full Text Available O objetivo foi investigar o estilo de vida, as condições e a auto-percepção da saúde e da qualidade de vida entre idosos hipertensos e não hipertensos do município de Patos de Minas (MG. Participaram 364 idosos, sendo 54,7% hipertensos. Utilizaram-se: anamnese (histórico de saúde, engajamento social, estilo de vida e saúde percebida; Escala de Lawton; Mini-Exame do Estado Mental; Escala de Qualidade de Vida de Flanagan. Foram feitas estatísticas descritivas, comparativas de grupos, correlação e regressão linear. Os resultados indicaram que a qualidade de vida foi influenciada pelas atividades física e religiosa, e pela saúde percebida, comparada a contemporâneos. A saúde percebida hoje foi influenciada pelas mesmas variáveis e pela hipertensão arterial. Considerou-se que a continuidade de estudos que investiguem a qualidade de vida e a saúde percebida é necessária para a consolidação de modelos teóricos do desenvolvimento psicossocial de idosos saudáveis ou não.

  18. Association among nursing diagnoses, demographic variables, and clinical characteristics of patients with high blood pressure Asociación entre diagnósticos de enfermería y variables sociales/clinicas en pacientes hipertensos Associação entre diagnósticos de enfermagem e variáveis sociais/clínicas em pacientes hipertensos

    Francisca de Fátima Vasconcelos

    2007-09-01

    Full Text Available OBJECTIVES: To analyze the association among diagnoses, demographic variables, and clinical characteristics of patients with high blood pressure. METHODS: The data were collected in 67 patients from a primary care unit in Fortaleza, Brazil. The NANDA Taxonomy was used to determine the nursing diagnoses. Data analysis consisted of Fisher's exact test, Chi-square test, and likelihood ratio test. RESULTS: Fifty four nursing diagnoses were identified; fifteen were above the 75th percentile. Ineffective individual therapeutic regimen management and number of medication, sleep pattern disturbance and marital status, activity intolerance and education, activity intolerance and time of diagnoses, sexual dysfunction and gender, sexual dysfunction and education, risk for falls and age, marital status and time of diagnoses, chronic pain and marital status all had significant association coefficients. CONCLUSION: Some demographic characteristics were associated with nursing diagnoses.OBJETIVO: Analizar la asociación estadística entre diagnósticos y características sociales / clínicas de pacientes hipertensos. MÉTODOS: Los datos fueron recolectados en una unidad básica de salud de Fortaleza-Ceará con 67 pacientes. La identificación de los diagnósticos se llevó a cabo según la taxonomía de la NANDA. Para el análisis de los datos se utilizó test de Fisher, Chi-Cuadrado de Pearson y Razón de Verosemejanza. RESULTADOS: Se encontró 54 diagnósticos de enfermería y 15 sobre el percentil 75. Se verificó asociación estadística entre: Control eficaz del régimen terapéutico y número de medicamentos; Patrón de sueño perturbado y estado civil; Intolerancia a la actividad y escolaridad y años de diagnóstico; Disfunción sexual y sexo y escolaridad; Riesgo para caídas y edad, estado civil y tiempo de diagnóstico de la enfermedad; Dolor crónico y estado civil. CONCLUSIÓN: Algunas características demográficas están asociadas a la

  19. Agregação de fatores de risco cardiovascular e ocorrência de hipertensão arterial em adultos sedentários

    Ferdinando Oliveira Carvalho

    2013-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar em uma grande amostra de adultos sedentários a possível associação entre hipertensão arterial e baixa aptidão cardiorrespiratória, obesidade geral e central. MÉTODOS: A amostra foi composta por 1.092 adultos sedentários brasileiros (429 homens e 633 mulheres. Pressão arterial foi acessada e hipertensão arterial diagnosticada. Três fatores de risco cardiovascular foram considerados: obesidade geral (índice de massa corporal, obesidade abdominal (circunferência de cintura e baixa aptidão cardiorrespiratória (teste submáximo em cicloergômetro. RESULTADOS: A taxa de hipertensão arterial foi de 9,3% (IC95% = 7,6 - 11,2. Houve associação entre mais alta prevalência de hipertensão arterial e diagnóstico de obesidade (p = 0,001, valores elevados de circunferência de cintura (p = 0,001 e baixo VO2máx (p = 0,013. Independentemente de idade e sexo, indivíduos sedentários com simultaneamente baixo consumo máximo de oxigênio e obesidade geral (RP = 5,21 [IC95% = 8,94 - 3,03]; p = 0,001 ou abdominal (RP = 4,05 [IC95% = 2,22 - 7,40]; p = 0,001 apresentaram maior probabilidade de ser hipertenso que os sedentários com nenhum fator de risco. CONCLUSÃO: Adultos sedentários, independentemente de sexo e idade, a presença de baixa aptidão cardiorrespiratória está associada à hipertensão arterial apenas quando também há obesidade geral ou abdominal, indicando que a interação destas variáveis tem relevante peso na gênese da doença.

  20. Prevalência de hipertensão arterial sistêmica e fatores associados em homens e mulheres residentes em municípios da Amazônia Legal

    Elcimary Cristina Silva

    2016-03-01

    Full Text Available RESUMO: Introdução: A hipertensão arterial sistêmica é um importante problema de saúde pública devido à sua alta prevalência, baixas taxas de controle e causa de morbidade e mortalidade cardiovascular. Objetivo: Analisar a prevalência de hipertensão arterial sistêmica e fatores associados em homens e mulheres residentes em municípios da Amazônia Legal. Métodos: No estudo transversal de base populacional conduzido com 1.296 adultos de ambos os sexos foram coletados dados sociodemográficos, estilo de vida, antropométricos e pressão arterial, sendo considerados hipertensos os que apresentaram pressão arterial ≥ 140/90 mmHg e/ou os que referiram uso de drogas anti-hipertensivas. As análises estatísticas foram feitas no módulo survey do programa Stata versão 11.0. Resultados: A prevalência da hipertensão arterial sistêmica foi de 22,3%. Após ajustes, as variáveis que se associaram à hipertensão nos homens foram a idade de 30 a 39 anos (RP ajustada = 2,69; IC95% 1,49 - 4,86, 40 a 49 anos (RP ajustada = 3,28; IC95% 1,82 - 5,93 e 50 a 59 anos (RP ajustada = 4,80; IC95% 2,63 - 8,76, sobrepeso (RP ajustada = 1,97; IC95% 1,39 - 2,78, obesidade (RP ajustada = 3,32; IC95% 2,32 - 4,75 e ser natural da região Norte ou Nordeste (RP ajustada = 0,31; IC95% 0,18 - 0,59. Entre as mulheres, associaram à hipertensão a idade de 40 a 49 anos (RP ajustada = 3,41; IC95% 1,91 - 6,07 e 50 a 59 anos (RP ajustada = 7,29; IC95% 4,07 - 13,07; o consumo de vinho (RP ajustada = 0,31; IC95% 0,10 - 0,97 e obesidade (RP ajustada = 2,39; IC95% 1,65 - 3,45. Conclusão: A hipertensão arterial associou-se independentemente com a idade, estado nutricional e naturalidade nos homens. E nas mulheres com a idade, estado nutricional e tipo de bebida alcoólica.

  1. Prevalência de Hipertensão Arterial em pessoas com mobilidade física prejudicada: implicações para a enfermagem Prevalencia de Pressión Alta en personas con movilidad física afectada: implicaciones para la enfermería Prevalence of High Blood Pressure in people with impaired physical mobility: nursing implications

    Jeová Alves de Souza

    2008-12-01

    Full Text Available A hipertensão arterial é uma das principais causas de morte em todo o mundo, e pode resultar da redução ou ausência do tônus muscular esquelético. Objetivou-se identificar aspectos epidemiológicos da hipertensão arterial em pessoas com deficiência física e o conhecimento desses indivíduos acerca do controle dos fatores de risco para hipertensão arterial. Participaram 40 pessoas com deficiência física. Utilizou-se um questionário abordando fatores de risco para hipertensão arterial. Os dados foram analisados à luz de multireferenciais. Detectou-se 30% com sobrepeso ou obesidade; 75% com PA inferior ou igual a 120/80 mmHg; 25% hipertensos e 20% hipertensos de estágio I. Os sujeitos desconhecem os riscos para hipertensão. Seus hábitos e estilo de vida oferecem riscos à saúde. Conclue-se que a hipertensão em pessoas com deficiência física alcança maior gravidade e representa um desafio aos profissionais de saúde, pois o controle desse agravo imprescinde da adesão do paciente ao tratamento.La hipertensión arterial es una de las principales causas de muerte en todo el mundo y puede resultar de la reducción o ausencia del tonos muscular esquelético. Se ha objetivado identificar aspectos epidemiológicos de la hipertensión arterial en personas con deficiencia física y el conocimiento de esos individuos acerca del control de los factores de riesgo para la hipertensión arterial. Participaron 40 personas con ficiencia física. Se utilizo un cuestionario abordando factores de riesgo para hipertensión arterial. Los datos fueron analizados bajo la orientación de multireferenciales. Se detecto 30% con peso elevado o obesidad; 75% con PA inferior o igual a 120/80 mmHg; 25% hipertensos y 20% hipertensos de nivel 1. Los sujetos desconocen los riesgos para hipertensión. Sus hábitos y estilo de vida ofrecen riesgos a la salud. La hipertensión en personas con deficiencia física alcanza mayor gravedad y representa un desaf

  2. OBESIDADE EM IDOSOS COM HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÉMICA

    Maria Alice Rodrigues Mártires

    2013-01-01

    Full Text Available Estudio exploratorio, descriptivo y cuantitativo, realizado en un Centro de Salud en Portugal, cuyos objetivos fueron caracterizar ancianos hipertensos en tratamiento ambulatorio e identificar factores de riesgo cardiovascular asociados a la hipertensión arterial sistémica. La muestra fue constituida por 250 ancianos que aceptaran contestar a un cuestionario estructurado. De los ancianos encuestados, 43,6% presentaban sobrepeso y 39,6% obesidad. Hay que señalar que 69,6% de los ancianos presentaban valores de presión arterial >140/90 mmHg y 50,4% presentaban colesterol total >200 mg/dl. Se concluye que la mayoría de los ancianos no estaban controlados los valores de la presión arterial, así como otros factores de riesgo cardiovascular, destacando la importancia de intervenciones de Enfermería a los ancianos y familiares de forma a encorajar la responsabilidad personal en auto-cuidado para el control de enfermedad crónica y el acceso a los cuidados de Enfermería de calidad con vista a la promoción de un envejecimiento saludable.

  3. Cuidando do ser humano hipertenso e protegendo sua função renal Cuidando del ser humano hipertenso y protegiendo su función renal Caring for hipertensive patient and protection his renal function

    Cássia Orsolin

    2005-06-01

    Full Text Available Trata-se de um estudo exploratório-descritivo sobre a compreensão dos efeitos da função renal e sua relação com a hipertensão realizada com doze integrantes de 18 a 60 anos de um grupo de hipertensos vinculados a uma Unidade Básica de Saúde de um município do norte do Rio Grande do Sul. A coleta de dados realizou-se de março a maio de 2004, através de entrevistas grupais, abordando a técnica focal. A análise foi realizada conforme o método de análise temática e posterior categorização. Os resultados demonstraram que os integrantes, apesar de conhecerem, em parte, a fisiopatologia renal, não a vêem como conseqüência da hipertensão arterial.Tratase de una investigación exploratorio-descriptiva sobre la comprención de los efectos de la función renal y su relación con la hipertensión realizada con doce integrantes de 18 a 60 años de un grupo de hipertensos vinculados a una unidad básica de salud de un município del norte del Rio Grande del Sul. La coleta de datos se realizó entre marzo y mayo del 2004, a través de entrevistas de grupos, abordando la técnica focal. El análisis fue realizado de acuerdo al método de análisis temática y posterior categorización. Los resultados demonstraron que los integrantes, apesar de conoceren, en parte, la fisiopatología renal, no la ven como consecuente de la hipertensión arterial.This is an exploratory-descriptive study about the comprehension of the effects of renal function and its relation to hipertension. The study was carried out with 12 members of a hipertension group (range from 18-60 years-old entailed to a Basic Health Unit from a municipality of Rio Grande do Sul State. Data collection was carried out from March to May, 2004, by means of groupal interviews, approaching the focal technique. Analysis was proceeded according to thematic analysis and later categorization. Results demonstrated that the members, despite partially know renal physiopathology, they don

  4. Influência do sistema renina angiotensina na redução da hipertrofia de ventrículo esquerdo em indivíduos hiperreatores

    Antonio Carlos Avanza Junior

    2005-01-01

    Introdução: Hipertrofia de ventrículo esquerdo (HVE) detectada pelo ecocardiograma é um preditor independente de morbidade e mortalidade em indivíduos hipertensos e na população em geral. Na população adulta existe uma modesta correlação entre a medida casual da pressão arterial (PA) e HVE . A HVE pode preceder a hipertensão arterial (HA) sustentada. Existem trabalhos que demonstram que indivíduos normotensos e com resposta exagerada da PA ao esforço tem alta probabilidade de desenvolvimento ...

  5. Comportamiento de las Crisis Hipertensivas en un Grupo de Pacientes Hipertensos

    Osvaldo Valdés Dupeyrón; Ernesto Chávez Pérez; Francisco M. Torres Barrera

    2014-01-01

    Introducción: La Hipertensión Arterial (HTA) está considerada uno de los problemas de salud más significativos en la actualidad, por considerarse el principal factor de riesgo de las enfermedades cardiovasculares y cerebrovasculares. Objetivo: Describir el comportamiento de las crisis hipertensivas en el grupo de pacientes estudiados. Materiales y Métodos: Se realizó un estudio longitudinal prospectivo en 130 pacientes adultos hipertensos, pertenecientes a la población de un consultorio médic...

  6. Manifestação emocional de estresse do paciente hipertenso Manifestación emocional de estrés del paciente hipertenso Emotional manifestation of stress in hypertensive patients

    Adélia Paula de Castro

    2004-12-01

    Full Text Available Este estudo tem o propósito de descrever a manifestação emocional do paciente hipertenso. Para tal, recorreu-se a uma análise qualitativa e quantitativa das manifestações de estresse, a qual permitiu avaliá-la como a mais prevalente no paciente hipertenso. A metodologia utilizada foi parte do instrumento de avaliação de estresse do hipertenso (IAEH, a que tratava das manifestações emocionais. A população de estudo compreendeu 136 pacientes hipertensos que freqüentaram o ambulatório de Hipertensão da Unidade Clínica de Hipertensão da Divisão de Cardiologia e Nefrologia do Departamento de Clínica Médica do Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto HCFMRP-USP. O estudo foi analisado pelo Comitê de Ética em Pesquisa dessa instituição e foi aprovado. A manifestação emocional foi considerada grande entre os sujeitos, apresentando-se em 52% dos pacientes que demonstraram sintomas de estresse. Essa pesquisa poderá contribuir para o ensino, pesquisa e assistência prestada ao paciente hipertenso.Este estudio de hipertensión tiene el propósito de describir la manifestación emocional del paciente hipertenso, para lo cual fue aplicado un análisis cuali-cuantitativo sobre las manifestaciones de estrés, permitiendo evaluar la manifestación emocional del estrés como la más prevalente en el paciente hipertenso. La metodología utilizada hace parte del instrumento de evaluación de estrés del paciente hipertenso (IAEH y trata de manifestaciones emocionales. La población de estudio fue de 136 pacientes hipertensos que frecuentaron el servicio de ambulatorio de hipertensión de la unidad clínica de la división de cardiología y nefrología del departamento de clínica médica del "Hospital das Clínicas" de Ribeirao Preto (HCFMRP-USP. El estudio fue analizado y aprobado por el comité de ética en investigación. La manifestación emocional fue considerada elevada entre los sujetos, presentando el 52% de los pacientes s

  7. Tabagismo e possível relação causal com aumento de níveis pressóricos em campanha de detecção de hipertensão arterial

    Cibele Isaac Saad Rodrigues

    2015-10-01

    Full Text Available A Hipertensão Arterial (HA é uma condição de etiologia multifatorial, alta prevalência, caracterizada pela presença sustentada de níveis elevados de pressão arterial (PA. A relação causal do tabagismo com a elevação crônica da PA é controversa. A Liga de Nefrologia e Hipertensão e da Liga de Pneumologia de Sorocaba se reuniram na Praça Central do município de Sorocaba para realizar, após a assinatura de Termo de Consentimento Informado, a medida de PA com técnica apropriada e questionamentos em relação ao tabagismo de 200 adultos voluntários. Destes, 133 eram homens e 67 eram mulheres. A idade média foi de 57,49 anos. Afirmaram ser normotensas 110 pessoas e as 90 demais, hipertensas, destas 74 em uso de medicação. A pressão arterial sistólica (PAS média (M do grupo foi de 134,45 mmHg. Considerando apenas a população hipertensa medicada, a PASM foi de 141,2 mmHg. A M de pressão arterial diastólica (PAD geral foi de 79,91 mmHg, enquanto na população hipertensa medicada M= 84,1mmHg. Entre os hipertensos em tratamento, 42 indivíduos (56,7% apresentaram PA > 140/90 mmHg. Houve diferença estatisticamente significante quando comparada a PAS de ex-fumantes com a de fumantes atuais (p=0,0445. A média pressórica dos homens foi maior do que das mulheres, o que se traduz em uma diferença estatisticamente significante (p = 0,0317. Em nossa amostra, encontramos uma prevalência de HA de 40,5%, superior à estimativa nacional de 30%. Adotando a meta pressórica proposta pela VI Diretriz Brasileira de HA 2010 como 140/90 mmHg, 42 indivíduos em tratamento estavam fora da meta. A diferença estatística significante no encontro de níveis pressóricos alterados entre homens e mulheres é compatível com a epidemiologia descrita. Houve correlação da PASM com a história positiva de tabagismo nesta amostra.

  8. Efeitos de variáveis psicológicas na reatividade cardiovascular em momentos de stress emocional

    Lipp,Marilda Emmanuel Novaes; Frare,Adriana; Santos,Flavia Urbino dos

    2007-01-01

    A influência de características psicológicas no aumento da pressão arterial tem sido objeto de muitas indagações. Este trabalho analisou como, em momentos de stress, a reatividade cardiovascular é afetada por fatores psicológicos. Oitenta hipertensos responderam ao Inventario de Sintomas de Stress de Lipp, à Escala de Alexitimia de Toronto e ao Questionário de Assertividade, e passaram por uma sessão experimental envolvendo interações sociais estressantes. A pressão arterial e a freqüência ca...

  9. Necessidades psicoespirituais alteradas em portadores de hipertensão arterial cadastrados em um centro de saúde - doi: 10.4025/actascihealthsci.v34i1.8922 Changes in psycho-spiritual needs in patients with hypertension enrolled in a health center - doi: 10.4025/actascihealthsci.v34i1.8922

    Vanessa Denardi Antoniassi Baldissera

    2011-12-01

    Full Text Available O objetivo da presente pesquisa foi abordar a ocorrência de alterações espirituais registradas pela enfermagem durante suas consultas aos portadores de hipertensão arterial sistêmica (HAS em um centro de saúde de um município do Noroeste do Estado do Paraná. Tratou-se de uma pesquisa quantitativa e descritiva, voltada para a população de hipertensos cadastrados no Centro de Saúde Escola (CSE de um município do Noroeste do Estado do Paraná, Brasil. Dos 148 pacientes hipertensos cadastrados, utilizamos uma amostra de 110 prontuários para coleta de dados, por amostra sistemática probabilística. A pesquisa foi desenvolvida no período de junho e julho de 2009, por pesquisadores integrantes do Programa de Iniciação Científica da Universidade Paranaense – Unipar, vinculados à pesquisa institucional “Cuidando do hipertenso: taxonomias de enfermagem utilizadas em um centro de saúde” e ao “Grupo de Estudos em Hipertensão Arterial” (GEHA cadastrado do Diretório de Pesquisas do CNPq. Essa investigação contou com o financiamento da Universidade Paranaense – Unipar. Para este trabalho, foram utilizados somente os dados referentes às NHB psicoespirituais alteradas, tais como, religiosa ou teológica, ética e filosofia de vida, contidos na evolução de enfermagem da primeira consulta. Dos 110 prontuários analisados, pode-se verificar que somente em dois prontuários registrou-se necessidade psicoespiritual alterada, evidenciando uma ocorrência de 1,8% junto aos portadores de HAS alvo desta pesquisa. Este trabalho demonstrou que as necessidades psicoespirituais alteradas estão ocorrendo em baixo percentual junto à população-alvo deste trabalho, supostamente por uma lacuna da enfermagem em investigar esse tipo de alteração. The present research aimed to approach the occurrence of spiritual changes recorded by nurses during consultations to people with SAH in a health center located in a city in the State of Paran

  10. DIAGNÓSTICO DE HIPERTENSIÓN ARTERIAL

    Dr Rodrigo Tagle

    2018-01-01

    En el futuro próximo, el monitoreo ambulatorio de la presión arterial o autocontroles domiciliarios serán utilizados cada vez con mayor frecuencia dada sus reconocidas ventajas sobre la medición de la presión arterial de consulta. El primero fundamentalmente en el diagnóstico del paciente hipertenso y el segundo en el seguimiento del hipertenso bajo tratamiento para comprobar la efectividad de éste.

  11. Cambios morfométricos cardiacos en adultos hipertensos luego de practicar la necropsia

    Adys Castro Barberena

    2017-06-01

    Full Text Available Fundamento: la hipertensión arterial se asocia a tasas de morbilidad y mortalidad considerablemente elevadas. Aparecen cambios estructurales del corazón, que le sirven para adaptarse al funcionamiento de un entorno de tensión alta, que conlleva a un desproporcional crecimiento de sus compartimientos. Objetivo: determinar los cambios morfométricos de la víscera cardíaca en pacientes hipertensos luego de practicar la necropsia. Método: se realizó un estudio descriptivo de corte transversal. El universo correspondió a la totalidad de fallecidos mayores de 18 años, con diagnóstico de hipertensión arterial, luego de practicar la necropsia en el periodo de enero 2014 a julio 2015 en el Hospital General Universitario Dr. Gustavo Aldereguía Lima de Cienfuegos. Se consideraron las variables: sexo, edad, índice de masa corporal, tiempo de evolución de la hipertensión arterial, peso del corazón, espesor del ventrículo izquierdo y derecho, espesor del atrio izquierdo y diámetro de las arterias coronarias derecha e izquierda. La información recopilada se procesó en forma computarizada por medio del programa SPSS versión 11,5, para lo cual se realizó una base de datos. Los resultados se presentan en frecuencias absolutas y relativas, por medio de tablas y gráficos estadísticos, empleando medias, medianas y porcentajes para su desarrollo. Resultados: los cambios morfométricos cardiacos fueron mayores en los hipertensos a los que se les realizó la necropsia, del sexo masculino, mayores de 50 años y con más de diez años de evolución de la enfermedad, predominando en el ventrículo izquierdo, estenosis en ambas coronarias y un aumento del peso del corazón. Conclusiones: existe relación entre los cambios morfométricos cardiacos de los pacientes adultos hipertensos fallecidos luego de practicar la necropsia, con el sexo, la edad, el índice de masa corporal y tiempo de evolución de la hipertensión arterial.

  12. ASSOCIAÇÃO ENTRE ADESÃO AO TRATAMENTO E TIPOS DE COMPLICAÇÕES CARDIOVASCULARES EM PESSOAS COM HIPERTENSÃO ARTERIAL

    Daniele Braz da Silva Lima

    2016-01-01

    Full Text Available Estudio transversal y analítico, realizado en 23 Centros de Salud Familiar en Fortaleza-CE, Brazil. El objetivo fue verificar la asociación entre adhesión al tratamiento anti-hipertensivo y los tipos de complicaciones cardiovasculares presentes en personas con hipertensión arterial. La muestra estuvo compuesta por 182 pacientes hipertensos registrados en el Sistema de Gestão Clínica de Hipertensão Arterial e Diabetes Mellitus da Atenção Básica que aceptaron responder a un formulario estructurado y a un instrumento para medir la adhesión. Entre los pacientes hipertensos cuestionados, 62,0% fueron mujeres, 66,9% ancianos, 52,2% pacientes con ingresos familiares variando entre 1,5 a 4 salarios mínimos, 61,5% poseían entre 1 y 8 años de escolaridad y 60,4% residían en hogares habitados por dos a cuatro personas. Las complicaciones prevalecientes fueron accidente cerebrovascular (37,9% seguido de infarto del miocardio (20,3%. La adhesión al tratamiento estuvo presente en un 52,0% y fue asociada al accidente cerebrovascular (p<0,001; OR=3,048; IC95%=1,633-5,681. Los resultados obtenidos demuestran la necesidad de un cambio en el comportamiento de los pacientes hipertensos, adoptando medidas de promoción de la salud para prevenir nuevas complicaciones cardiovasculares.

  13. Síndrome metabólico en niños y adolescentes hipertensos obesos

    Yudalvis Oquendo de la Cruz

    2010-12-01

    Full Text Available INTRODUCCIÓN. La combinación de hipertensión y obesidad en la infancia y la adolescencia incrementa el riesgo de un síndrome metabólico (SM en edades tempranas de la vida. El objetivo de este estudio fue determinar la presencia de SM en adolescentes hipertensos obesos y su relación con algunas variantes clínicas y bioquímicas. MÉTODOS. Se realizó un estudio descriptivo y prospectivo, con 152 niños y adolescentes hipertensos obesos, con edades entre 5 y 19 años, procedentes de la consulta de nefrología del Hospital Pediátrico Universitario «Juan Manuel Márquez». Se realizaron estudios de microalbuminuria, glucemia, insulina, colesterol total y triglicéridos en ayunas. RESULTADOS. Se encontró síndrome metabólico en el 35,5 % de los hipertensos obesos y fue más frecuente en el sexo masculino. Predominó la obesidad grave y 8 de cada 10 niños presentaron 3 criterios del síndrome. La prevalencia de cada uno de los componentes fue del 33,3 % en la alteración del metabolismo de la glucosa, del 100 % en la obesidad central e hipertensión arterial, del 51,8 % en la hipertrigliceridemia y del 13 % en el colesterol de lipoproteínas de alta densidad (HDL-C bajo. Casi la mitad de los pacientes tenían microalbuminuria. El 31,5 % de los sujetos estudiados presentó insulinorresistencia y en el 29,5 % de los casos se encontró hígado graso no alcohólico. CONCLUSIONES.Uno de cada 3 hipertensos obesos tenía síndrome metabólico, por lo que se recomienda continuar investigando sobre este síndrome en la infancia y la adolescencia.

  14. Factores associados à hipertensão arterial nos utentes de farmácias em Portugal Factores asociados con la hipertensión arterial en los usuarios de farmacias en Portugal Factors associated with arterial hypertension in pharmacy users in Portugal

    Sofia de Oliveira-Martins

    2011-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estimar a prevalência, tratamento e controlo da hipertensão e identificar factores associados em utentes de farmácias comunitárias. MÉTODOS: Estudo transversal com 1.042 utentes de 40 a 65 anos em 60 farmácias comunitárias de Portugal Continental entre outubro de 2005 e janeiro de 2006. Os dados foram obtidos pela aplicação de questionário e medição de parâmetros biológicos. Foram realizadas três regressões logísticas sequenciais para verificar associação entre as variáveis. RESULTADOS: A idade média foi de 53,7 anos e a razão homem/mulher foi 0,68. A prevalência da hipertensão arterial foi de 54,8%. Cerca de 70% dos hipertensos encontravam-se sob tratamento anti-hipertensivo e, destes, 47,7% estavam controlados. A hipertensão esteve positivamente associada à idade mais elevada, sexo masculino, ser casado, apresentar índice de massa corporal e nível de colesterol total mais alto, ser diabético, ter doença cardiovascular pessoal ou familiar precoce e reportar mais consultas médicas por ano. A hipertensão tratada mostrou-se positivamente associada a ser mulher, não casado, ser diabético, viver numa área urbana e reportar mais de três consultas médicas por ano. Nos hipertensos tratados, estar controlado foi positivamente associado a ter comportamento aderente à terapêutica anti-hipertensiva (auto-reporte, percepcionar o efeito desta medicação e ser de baixo risco cardiovascular. Os modelos preditivos apresentaram áreas sob as respectivas curvas ROC entre 0,72 e 0,78, com capacidade discriminatória aceitável. CONCLUSÕES: A prevalência da hipertensão foi elevada, mas similar à encontrada em outros estudos realizados em Portugal. A proporção de doentes tratados foi satisfatória, em contraste com o nível insuficiente de controlo.OBJETIVO: Estimar la prevalencia de la hipertensión, tratamiento y control, así como identificar factores asociados en usuarios de farmacias comunitarias. M

  15. PREVALÊNCIA DE HIPERTENSÃO ARTERIAL E PRESENÇA DE EXCESSO DE PESO EM PACIENTES ATENDIDOS EM UM AMBULATÓRIO UNIVERSITÁRIO DE NUTRIÇÃO NA CIDADE DE SÃO CARLOS – SP

    G. A. BOAVENTURA

    2008-11-01

    Full Text Available

    A hipertensão é o problema de saúde pública mais comum nos países desenvolvidos e em desenvolvimento. No Brasil ela acomete, aproximadamente, 22% da população adulta e corresponde a 15,2% das intervenções realizadas no SUS. A adoção de um estilo de vida adequado é fundamental no tratamento de hipertensos, particularmente quando há síndrome metabólica. O estudo foi do tipo retrospectivo, por intermédio do levantamento de dados contidos nos prontuários dos pacientes. A população alvo constituiu-se de 303 indivíduos adultos, de ambos os gêneros atendidos em um Ambulatório Universitário de Nutrição, durante o ano de 2006, na cidade de São Carlos/SP. O critério de inclusão eram ser portadores de hipertensão arterial, clinicamente diagnosticados por um especialista. Utilizou-se para classificação do estado nutricional o índice de massa corporal (IMC, segundo WHO.35 Os resultados foram obtidos por meio de análise de todos os prontuários identificando-se 76 pacientes portadores de hipertensão arterial (25,08%, com maior incidência do gênero feminino (81,6%, entre 51 e 60 anos de idade, com prevalência de sobrepeso e obesidade em 93,4% do grupo, confirmando a associação da obesidade e hipertensão arterial, e o aumento do risco para doenças cardiovasculares. Estes dados demonstram a necessidade de acompanhamento clínico e nutricional para redução de peso, modifi cações de estilo de vida e controle da pressão arterial.

  16. Avaliação da efetividade do controle da hipertensão arterial em unidade básica de saúde Evaluation of the effectiveness of arterial hypertension control in a primary health unit

    Arnaldo Sala

    1996-04-01

    Full Text Available Como parte integrante da avaliação de desempenho do Programa de Atenção à Saúde no Envelhecimento, desenvolvido em uma unidade básica de saúde, foi mensurada a efetividade da hipertensão arterial, segundo a redução dos níveis de pressão arterial em indivíduos hipertensos submetidos a ações programáticas para controle da doença, procurando identificar condições associadas com tal redução. Dos 396 pacientes portadores de hipertensão arterial sistêmica inscritos no Programa, no período de 01/01/92 a 30/06/93, foram considerados para esta avaliação 250 casos que apresentavam, além de níveis pressóricos elevados (PA ³ 160/95 mmHg em atendimentos iniciais no serviço (anteriores à inscrição no programa, pelo menos duas consultas médicas no seguimento programático. As diferenças de níveis pressóricos entre as medidas realizadas nas consultas anteriores ao início do atendimento programático, e as realizadas a partir do início destes atendimentos foram analisadas segundo o nível pressórico inicial, idade, sexo, diagnósticos na inscrição e faltas ao agendamento programático. Obteve-se redução na pressão arterial diastólica (PAD de 5 mmHg ou mais, e/ou redução de 10 mmHg ou mais na pressão arterial sistólica (PAS em l97 (78,8% pacientes. A média da redução da PAD foi 8,8 mmHg (d.p. = 11,4, e da PAS foi 17,7 mmHg (d.p. = 18,6. Resultados de diversos estudos epidemiológicos permitem inferir redução do risco de mortalidade por doença cardiovascular em proporção considerável de indivíduos inscritos no Programa. Em 111 (44,4% indivíduos ocorreu normalização da pressão aos níveis preconizados pelo Programa. A análise por meio de regressão linear múltipla demonstrou que, entre as variáveis estudadas, a pressão inicial e a percentagem de faltas no seguimento programático estiveram associadas de modo independente com a redução da PAS e da PAD. A idade esteve associada independentemente

  17. Hipertensão arterial e sua correlação com alguns fatores de risco em cidade brasileira de pequeno porte Hipertensión arterial y su correlación con algunos factores de riesgo en ciudad brasileña de pequeño tamaño Arterial hypertension and its correlation with some risk factors in a small brazilian town

    Flávia Miquetichuc Nogueira Nascente

    2010-10-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A hipertensão arterial (HA é um problema de saúde que atinge um grande número de hipertensos não diagnosticados ou não tratados adequadamente e que possui um alto índice de abandono ao tratamento. OBJETIVO: Estimar a prevalência da HA e sua correlação com alguns fatores de risco cardiovasculares na população adulta de Firminópolis-GO. MÉTODOS: Estudo descritivo, observacional e transversal com base populacional, amostra aleatória simples (> 18 anos: questionários padronizados com medidas de pressão arterial (critério de HA > 140 x 90 mmHg, peso, altura, índice de massa corporal (IMC e circunferência da cintura (CC. Dados armazenados (Microsoft Acess e analisados pelo Epi-info. RESULTADOS: Investigados 1.168 indivíduos, com predomínio de mulheres. Sexo feminino - 63,2% com média de idade entre 43,2 ± 14,9 anos. Prevalência de sobrepeso em 33,7% e obesidade em 16,0% dos indivíduos. Prevalência de CC alterada em 51,8% e de tabagismo em 23,2%. Sedentarismo no trabalho e no lazer presente em 67,6% e em 64,8% dos indivíduos, respectivamente, com proporção maior entre as mulheres. Etilismo em 33,3% da amostra. A prevalência de HA foi de 32,7%, em maior número entre os homens (35,8% do que entre as mulheres (30,9%. Encontrada correlação positiva da HA com IMC, CC e faixa etária. Correlação negativa de HA e escolaridade, com 18,2% de hipertensos com nove anos ou mais de estudo. CONCLUSÃO: Encontrada alta prevalência de HA, excesso de peso e CC. O sexo feminino representou fator de proteção para o risco de HA. Encontradas correlação positiva da HA com IMC, CC, e faixa etária e correlação negativa com escolaridade.FUNDAMENTO: La hipertensión arterial (HA es un problema de salud que alcanza a un gran número de hipertensos no diagnosticados o no tratados adecuadamente y que posee un alto índice de abandono del tratamiento. OBJETIVO: Estimar la prevalencia de la HA y su correlación con algunos

  18. Verificação da variação da pressão arterial pelo uso de anestésicos locais com vasoconstritor = Verification of arterial blood pressure wich local anesthetics associated or not to vasoconstrictors

    Palma, Fabiano Rodrigues

    2005-01-01

    Full Text Available Os autores realizaram estudo com 100 pacientes divididos em 4 grupos, os quais foram anestesiados com lidocaína, variando apenas no uso ou não de vasoconstritor e no tipo de vasoconstritor associado (adrenalina ou noradrenalina 1: 50. 000. Os pacientes foram submetidos a exodontia, com aferição da pressão arterial antes do início do procedimento anestésico e após a exodontia. Nos pacientes que receberam anestésico com vasoconstritor, normotensos ou hipertensos, não houve aumento significativo da pressão arterial; no grupo onde o sal anestésico não continha vasoconstritor, houve aumento estatisticamente significativo da pressão arterial

  19. Prevalência da adesão ao tratamento anti-hipertensivo em hipertensos resistentes e validação de três métodos indiretos de avaliação da adesão Prevalence of anti-hypertensive treatment adherence in patients with resistant hypertension and validation of three indirect methods for assessing treatment adherence

    Katia Vergetti Bloch

    2008-12-01

    Full Text Available O estudo estimou a adesão ao tratamento anti-hipertensivo farmacológico utilizando-se três métodos indiretos em uma coorte de hipertensos resistentes no Rio de Janeiro, Brasil, 2005. Os métodos foram: avaliação pelo paciente; avaliação do médico; teste de Morisky-Green (TMG adaptado para a língua portuguesa. Foi realizada validação preditiva comparando-se a diferença tanto de pressões de consultório como de monitorização de 24 horas (MAPA, em duas ocasiões, de pacientes com e sem adesão. As médias de pressões entre os grupos foram comparadas usando-se testes não-paramétricos. Foram entrevistados 200 pacientes com idade média de 63 anos (DP = 10,3, 73,5% do sexo feminino. A prevalência de adesão foi de 51% pelo TMG, 52% pelo médico e 80,5% pelo paciente. Ocorreram reduções das pressões arteriais de consultório e na MAPA dos pacientes com adesão por todos os métodos, mas não para os não-aderentes. O emprego de mais de um método para avaliação da adesão mostrou que indivíduos não-aderentes pelos três métodos (11,9% tiveram pior evolução dos níveis tensionais. Esse achado sugere que a hipertensão resistente não pode ser atribuída unicamente à baixa adesão.This study estimated adherence to anti-hypertensive medication using three indirect methods and their combinations in a cohort of patients with resistant hypertension in Rio de Janeiro, Brazil, 2005. The methods used were: self-reported adherence; physicians' adherence evaluation; and the Morisky-Green test (MGT translated into Portuguese. The predictive validation was performed comparing office blood pressure and ambulatory blood pressure monitoring, measured on two different occasions, from patients classified as adherent or not. The means were compared using non-parametric tests. Two hundred patients were interviewed. Mean age was 63 years (SD = 10.3, and 73.5% were female. Adherence prevalence was 51% using MGT, 52% according to the physician

  20. Redução da pressão arterial e do duplo produto de repouso após treinamento resistido em idosas hipertensas Reduction of arterial pressure and double product at rest after resistance exercise training in elderly hypertensive women

    Denize Faria Terra

    2008-11-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Em razão das controvérsias existentes na literatura quanto aos possíveis benefícios do treinamento resistido (TR sobre a pressão arterial de repouso (PA e por causa da escassez de estudos com indivíduos idosos e hipertensos, o TR é pouco recomendado como forma de tratamento não-farmacológico da hipertensão arterial. OBJETIVO: Verificar os efeitos do TR progressivo sobre a pressão arterial de repouso (PA, a freqüência cardíaca (FC e o duplo produto (DP em idosas hipertensas controladas. MÉTODOS: Vinte mulheres idosas (66,8 ± 5,6 anos de idade sedentárias, controladas com medicação anti-hipertensiva, realizaram 12 semanas de TR, compondo o grupo do treinamento resistido (GTR. Vinte e seis idosas (65,3 ± 3,4 anos de idade hipertensas controladas não realizaram exercícios físicos durante a pesquisa, constituindo o grupo-controle. RESULTADOS: Houve redução significativa nos valores de repouso da pressão arterial sistólica (PAS, da pressão arterial média (PAM e do DP após o TR. Não foram encontradas reduções significativas na pressão arterial diastólica (PAD e na FC de repouso após o TR em ambos os grupos. A magnitude da queda no GTR foi de 10,5 mmHg, 6,2 mmHg e 2.218,6 mmHg x bpm para a PAS, PAM e o DP, respectivamente. CONCLUSÃO: O TR progressivo reduziu a PAS, PAM e o DP de repouso de idosas hipertensas, controladas com medicação anti-hipertensiva.BACKGROUND: Due to the existing controversies in literature about the potential benefits of resistance exercise training (RT on arterial blood pressure (BP at rest, and the lack of studies conducted with elderly hypertensive individuals, RT is seldom recommended as a non-pharmacological treatment for arterial hypertension. OBJECTIVE: To verify the effect of progressive RT on BP, HR, and RPP in elderly women with controlled hypertension. METHODS: 20 elderly women (66.8 ± 5.6 years of age, with a sedentary lifestyle, monitored with anti

  1. Análisis de los factores que determinan la adherencia terapéutica del paciente hipertenso

    Inmaculada Zurera Delgado

    2014-12-01

    Full Text Available Introducción: La baja adherencia al tratamiento en enfermedades crónicas como la hipertensión arterial, sigue siendo actualmente un problema latente en nuestro país. A pesar de que la educación sanitaria se viene utilizando en los distintos niveles asistenciales para mejorar la adherencia al tratamiento farmacológico y la adquisición de hábitos de vida saludables, no existen muchas evidencias de su eficacia, especialmente en pacientes hipertensos, refractarios a modificar sus hábitos higiénico-dietéticos. Objetivo: El propósito de este estudio fue conocer las motivaciones personales, que intervienen en la modificación de los hábitos, adherencia y conocimiento de la enfermedad, en un grupo de pacientes hipertensos. Metodología: Estudio fenomenológico realizado en el ámbito hospitalario, mediante entrevistas semiestructuradas. La muestra fue de dieciocho pacientes con hipertensión arterial no controlada, asociada a síndrome metabólico y/u obesidad (con IMC>30, durante un periodo de 4 meses en la consulta de UGC Nefrología/HTA, del HURS de Córdoba. Resultados: Se hallaron tres categorías temáticas con las que dar respuesta a nuestros objetivos de estudio: Sensibilización acerca del riesgo cardiovascular al que están expuestos y conocimiento de la propia enfermedad, razonando los motivos que impulsan o retraen al paciente hipertenso a adherirse al tratamiento y relación entre cumplimiento del tratamiento farmacológico y no farmacológico. Conclusiones: La falta de adherencia al tratamiento, se manifiesta por una falta de voluntad entre los pacientes hipertensos refractarios, más que por un problema de información, siendo necesaria una intervención por parte del personal de enfermería enfocado a profundizar en la misma.

  2. Associação entre risco cardiovascular e hipertensão arterial em professores universitários Association between cardiovascular risk and hypertension in universities professors

    Osvaldo Costa Moreira

    2011-09-01

    Full Text Available A hipertensão arterial é uma das mais importantes causas modificáveis de morbi-mortalidade cardiovascular precoce na população adulta mundial, além de ser fator de risco independente para doenças cardiovasculares. Assim objetivou-se verificar a associação entre indicadores de risco cardiovascular e hipertensão arterial em professores universitários. Foram avaliados 145 professores da Universidade Federal de Viçosa (UFV, no ano de 2009, analisando-se as variáveis: sexo, idade, índice de massa corporal (IMC, relação cintura/quadril (RCQ, circunferência abdominal (CA, percentual de gordura (%G, colesterol total (CT, triacilglicerol (TG, glicose, pressão arterial sistólica (PAS e diastólica (PAD de repouso e consumo máximo de oxigênio (VO2máx. Utilizou-se o teste ANOVA one way para comparação entre indivíduos normotensos e pré-hipertensos e hipertensos. Calculou-se a razão de chances de desenvolvimento de quadros de PA elevada entre os indivíduos que apresentavam níveis indicativos de risco cardiovascular. Todos os tratamentos possuíram nível de significância de p Hypertension is one of the most important modifiable causes of precocious cardiovascular morbid-mortality in the adult population worldwide, and it's an independent risk factor for cardiovascular disease. Thus we aimed to investigate the association between cardiovascular risk and blood pressure on universities professors. 145 professors from Universidade Federal de Viçosa (UFV were evaluated, in 2009, analyzing the variables: gender, age, body mass index (BMI, waist / hip ratio (WHR, abdominal circumference (AC, percent body fat (% BF, total cholesterol (TC, triglyceride (TG, glucose, systolic blood pressure (SBP and diastolic (DBP at rest and maximal oxygen uptake (VO2max. We used ANOVA one way test for comparison between normotensive and prehypertensive and hypertensive individuals. It was calculated the odds ratio of high BP expansion among individuals

  3. Pressão arterial em crianças portadoras de doença falciforme Presión arterial en niños portadores de enfermedad falciforme Blood pressure in children with sickle cell disease

    Ho Chi Hsien

    2012-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar os valores da pressão arterial (PA em crianças portadoras de doença falciforme (DF. MÉTODOS: Estudo observacional unicêntrico descritivo de 70 crianças portadoras de DF. Os valores da PA obtidos foram classificados conforme as V Diretrizes Brasileiras de Hipertensão Arterial. Os pacientes foram distribuídos segundo o genótipo em grupo HbSS e HbSC e segundo a faixa etária: grupo I (três anos a quatro anos e 11 meses, grupo II (cinco anos a oito anos e 11 meses e grupo III (nove anos a 13 anos e 11 meses. Na análise estatística, aplicou-se o teste t de Student e a ANOVA, sendo significante pOBJETIVO: Evaluar los valores de la presión arterial (PA en niños portadores de enfermedad falciforme (EF. MÉTODOS: Estudio observacional unicéntrico descriptivo de PA de 70 niños portadores de EF acompañadas en el ambulatorio de Hematología Pediátrica. Los valores de la PA obtenidos fueron clasificados conforme a las V Directrices Brasileñas de Hipertensión Arterial. Los pacientes fueron distribuidos según el genotipo en grupo HbSS y HbSC, y según la franja de edad: grupo I (tres años a cuatro años y 11 meses, grupo II (cinco años a ocho años y 11 meses y grupo III (nueve años a 13 años y 11 meses. RESULTADOS: El promedio y la desviación estándar (DE de las medidas de la PA sistólica (PAS (mmHg fueron 95,9±11,45 y de la PA diastólica (PAD 62,6±7,78. Los promedios de la PA por franja de edad fueron: grupo I, PAS 91,2±5,78 y PAD 61,5±7,15; grupo II, PAS 97,3±10,86 y PAD 64,4±7,89; y grupo III, PAS 100,0±9,88 y PAD 61,5±4,94. Se observó que el 5,7% de los pacientes presentaban hipertensión arterial (HA y el 8,6% eran pre-hipertensos. El promedio de los valores de la PAS y PAD entre los pacientes HbSS y HbSC no difirió significativamente. En el análisis estadístico, se aplicó la prueba t de Student y ANOVA, siendo significante pOBJECTIVE: To evaluate blood pressure (BP in children with sickle cell

  4. Hipertensão arterial na Ilha do Governador, Brasil: II. Prevalência

    Klein Carlos Henrique

    1995-01-01

    Full Text Available Este segundo artigo (de uma série de dois tem como finalidade apresentar apenas os resultados básicos de um estudo, em amostra representativa de população, sobre Hipertensão Arterial na Ilha do Governador (região administrativa do município do Rio de Janeiro, em três estratos de acordo com a renda média domiciliar (baixa, média e alta de setores censitários. No conjunto da Ilha do Governador a prevalência de hipertensão não controlada foi de 16,1 % (I.C. de 95%: 13,4 a 18,9%, e incluindo-se os hipertensos controlados, este índice subiu para 24,9% (I.C. de 95%: 21,7 a 28,1 %. Por ambos os critérios (incluindo ou não os hipertensos controlados, as prevalências mais elevadas foram as do estrato de renda baixa e as menores do estrato de renda alta. Porém, só foi possível rejeitar a homogeneidade de prevalências de hipertensão (incluindo os controlados entre os estratos, e ainda assim para uma significância de 10%, quando se ajustou o efeito de confusão da idade. As mulheres hipertensas parecem controlar em maior proporção seus níveis de pressão arterial em qualquer faixa etária dos adultos, do que os homens.

  5. Atividade física em idosos no contexto amazônico

    Fabianne de Jesus Dias de Sousa

    2014-11-01

    Full Text Available Introdução: A longevidade é uma realidade tornando-se necessário a implementação e/ou implantação de ações efetivas baseadas em evidências para o controle de doenças crônicas não-transmissíveis e seus fatores de risco. Objetivou-se, relatar a experiência do grupo de hipertensos e diabéticos, desenvolvidos por enfermeiros da estratégia saúde da família, descrevendo a atividade física para a prevenção, promoção da saúde e melhoria da qualidade de vida dos idosos. Materiais e Métodos: Trata-se de um relato de experiência de natureza descritiva, vivenciado pelas enfermeiras com um grupo de usuários idosos hipertensos e diabéticos. Foi realizado levantamento em prontuários (dados secundários de 2008 até 2012. Resultados: Encontrado 320 idosos, destes, sete (2,2% eram diabéticos, cinco (1,6% diabéticos e hipertensos e, cinquenta e dois (16,2% apenas hipertensos. Resultando em sessenta e quatro idosos (20,0% portadores de alguma doença crônica não-transmissível. Destes 320 idosos, 224 idosos (70,0% relataram que não participavam de atividades físicas por inúmeros motivos. Discussão e Conclusões: Pode-se concluir que com a inclusão das atividades físicas, como atividade complementar ao tratamento médico, percebeu-se que houve uma melhoria na qualidade de vida, saúde e integração social destes idosos, através de relatos dos idosos dentre eles: controle da pressão arterial, diminuição de dores musculares e realização de atividades da vida cotidiana.Palavras chave: Atividade Motora, Doença Crônica, Qualidade de Vida. (Fonte: DeCS BIREME.Cómo citar este artículo: Sousa F, Silva M, Andrade F. Atividade física em idosos no contexto amazônico. Rev Cuid. 2014; 5(2:792-8. http://dx.doi.org/10.15649/cuidarte.v5i2.119 

  6. Prevalência, controle e tratamento da hipertensão arterial sistêmica em Nobres - MT Prevalencia, control y tratamiento de la hipertensión arterial sistémica en Nobres - MT Prevalence, control and treatment of arterial hypertension in Nobres - MT

    Tânia Maria do Rosário

    2009-12-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A hipertensão arterial sistêmica (HAS, considerada um problema de saúde pública devido a sua elevada prevalência e dificuldade de controle, é descrita também como um dos mais importantes fatores de risco para doenças cardiovasculares. OBJETIVO: Estimar a prevalência da HAS, assim como as características de seu controle e tratamento, na população de 18 a 90 anos da região urbana de Nobres - MT. MÉTODOS: Estudo transversal, de base populacional, com amostragem aleatória e com reposição. O critério para classificação da HAS foi pressão arterial (PA > 140/90 mmHg ou uso atual de anti-hipertensivos. As entrevistas foram realizadas utilizando-se questionários padronizados e testados previamente. As variáveis foram descritas por médias ± desvios-padrão e frequências. As médias foram comparadas utilizando-se o teste t-Student e as associações por meio do teste do qui-quadrado de Pearson, com nível de significância de 5%. RESULTADOS: Nos 1.003 indivíduos maiores de 18 anos analisados, foi observada prevalência de HAS de 30,1%. Entre os hipertensos (N = 302, 73,5% sabiam dessa condição, 61,9% faziam tratamento e 24,2% tinham a PA controlada. Observou-se a associação positiva entre HAS e idade; analfabetismo; escolaridade inferior a oito anos; IMC > 25kg/m²; circunferência da cintura aumentada e muito aumentada; razão cintura-quadril (RCQ em faixa de risco; sedentarismo e etilismo. CONCLUSÃO: A HAS revelou-se um importante problema de saúde pública também em um município de pequeno porte do interior do país. Os níveis de controle e tratamento da hipertensão nessa população foram considerados insatisfatórios, apesar de melhores em comparação aos observados em outros estudos.FUNDAMENTO: La hipertensión arterial sistémica (HAS, considerada un problema de salud pública debido a su elevada prevalencia y dificultad de control, se describe también como uno de los más importantes factores de

  7. Atividade física como discriminador da ausência de hipertensão arterial em homens adultos

    Francisco Jose Gondim Pitanga; Luiz Alberto Bastos de Almeida; Marcela Mota Freitas; Cristiano Penas Seara Pitanga; Carmem Cristina Beck

    2014-01-01

    Introdução: Diversos estudos epidemiológicos demonstram que a atividade física reduz a pressão arterial, porém a quantidade necessária para que estes benefícios sejam alcançados permanece especulativa. Objetivo: Analisar a quantidade (duração e intensidade) de atividade física em seus diferentes domínios (trabalho, deslocamento, atividade doméstica e tempo livre) como discriminador da ausência de hipertensão arterial em adultos do sexo masculino. Métodos: Estudo transversal realizado...

  8. Fatores de risco associados à hipertensão arterial em idosos

    Suzane Albuquerque dos Santos Fukahori

    2017-02-01

    Full Text Available A Hipertensão Arterial Sistêmica é uma condição clínica com múltiplas causas e é definida por níveis elevados e sustentados de pressão arterial, sendo considerada uma das principais doenças crônicas não transmissíveis que acometem a população idosa. Objetivou-se identificar os fatores de risco associados à hipertensão arterial em idosos. O presente trabalho trata-se de uma revisão integrativa, com busca realizada na Biblioteca Virtual em Saúde, por meio das bases de dados LILACS, BDENF e MEDLINE, associados ao repositório SciELO, entre os anos de 2010 e 2015, com a utilização dos descritores combinados e síntese dos dados por meio de tabulações. Foram evidenciados como fatores de risco à hipertensão arterial nos idosos: a própria senilidade, o sexo feminino, excesso de peso, pior autopercepção de saúde, não adesão ao tratamento, incapacidade funcional, depressão e a inatividade física. Os resultados mostram o papel dos fatores de riscos para o desenvolvimento e complicações da hipertensão, todavia também são sinais para a detecção precoce e para a ampliação das intervenções de medidas de prevenção e controle nas diversas esferas de atendimento em saúde.Risk factors associated with arterial hypertension in elderlyAbstract: Systemic Arterial Hypertension is a clinical condition with multiple causes and is defined by elevated and sustained blood arterial pressure levels, being considered one of the main chronic non transmissible diseases that affect the elderly population. The aim of this study was to identify the risk factors associated with hypertension in the elderly. The present article deals with an integrative review, with a search carried out in the Virtual Health Library, through the LILACS, BDENF and MEDLINE databases, associated with the SciELO repository, between 2010 and 2015 years, using the descriptors combined and synthesis of the data by through tabulations. Senility, female gender

  9. Ausência de relação entre hipertensão arterial sistêmica e desempenho cognitivo em idosos de uma comunidade Lack of relationship between hypertension and cognitive performance in community dwelling older adults

    Fabiana Regina Chinaglia de Freitas Di Nucci

    2010-01-01

    Full Text Available CONTEXTO: Pesquisas documentam que a hipertensão arterial pode estar envolvida no declínio cognitivo em pacientes idosos. Estima-se que até 60% dos idosos apresentem hipertensão arterial, tornando-os mais suscetíveis ao declínio cognitivo. OBJETIVO: Investigar a relação entre hipertensão arterial e desempenho cognitivo em idosos não portadores de demências ou depressão. MÉTODO: A amostra foi constituída por idosos participantes de pesquisa populacional em andamento sobre envelhecimento no município de Amparo (SP. Seguindo critérios de inclusão e exclusão, foram selecionados 80 homens e mulheres (40 hipertensos e 40 normotensos com idade igual ou superior a 60 anos, equivalentes quanto às variáveis sociodemográficas e de saúde. Para avaliar sintomas depressivos, foi utilizada a Geriatric Depression Scale (GDS. Os testes cognitivos utilizados foram a bateria neuropsicológica Consortium to Establish a Registry for Alzheimer's Disease (CERAD e o Teste do Desenho do Relógio e Dígitos ordem direta e inversa. A análise estatística foi realizada por meio de análise de regressão logística com modelo univariado e multivariado e análise de conglomerados (cluster analysis. RESULTADOS: Não foram encontradas diferenças estatisticamente significativas para as variáveis cognitivas entre os dois grupos. A diferença para fluência verbal aproximou-se da significância estatística (p = 0,075. CONCLUSÕES: Os resultados encontrados podem ser explicados pela adesão desta população pertencente à estratégia de saúde da família ao tratamento medicamentoso. Estudos longitudinais serão necessários para investigar a relação entre a hipertensão arterial e o declínio cognitivo na pessoa idosa.BACKGROUND: Studies suggest that hypertension might be involved in cognitive decline among older adults. It is estimated that up to 60% of older adults have hypertension, what makes them more vulnerable to cognitive decline. OBJECTIVE

  10. Qualidade de Vida de pacientes hipertensos e comparação entre dois instrumentos de medida de QVRS

    Michelle Adler Normando Carvalho

    2012-05-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Medir Qualidade de Vida (QV relacionada à saúde auxilia na avaliação da eficiência de um tratamento e identifica problemas de maior impacto na QV do paciente. No entanto, essas medidas são mais seguras se avaliadas por instrumentos genéricos e específicos conjuntamente, fazendo-se necessário verificar se há compatibilidade entre esses e evitar repetições e contradições entre os domínios. OBJETIVO: Descrever o perfil de qualidade de vida de pacientes hipertensos e avaliar a compatibilidade de um instrumento específico (MINICHAL e outro genérico (SF-36. MÉTODOS: Cem pacientes hipertensos adultos em tratamento ambulatorial entrevistados. A média da QVRS medida pelo MINICHAL foi de 6,64 (DP 6,04 no estado mental e média de 5,03 (DP 4,11 no estado manifestações somáticas. As médias para o instrumento SF-36 foram por ordem de classificação: limitação por aspectos físicos 47,3 (DP 42,9, vitalidade 57,4 (DP 19,7, limitação por aspectos emocionais 58 (DP 44,7, capacidade funcional 58,7 (DP 27,8, dor 60,4 (DP 26,3, estado geral de saúde 60,7 (DP 22,7, saúde mental 66,8 (DP 22,1 e aspectos sociais 78 (DP 26,1. RESULTADOS: O MINICHAL apresentou correlação significativa (p < 0,001 com o SF-36 em todos os domínios. CONCLUSÃO: O MINICHAL provou ser um instrumento útil na avaliação da QVRS em pacientes hipertensos. (Arq Bras Cardiol. 2012; [online].ahead print, PP.0-0

  11. Efeito do vinho tinto associado ao exercício físico no sistema cardiovascular de ratos espontaneamente hipertensos

    Paulo Roberto Soares Filho

    2011-04-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Prática de exercício físico (EF é eficiente no tratamento e na prevenção da hipertensão, associada à melhora do perfil lipídico e da função contrátil cardíaca. Consumo moderado e regular de bebidas alcoólicas, como vinho tinto, desempenha efeito cardiovascular protetor. Polifenóis da bebida apresentam propriedades antioxidantes, beneficiando vasos sanguíneos. Há poucas evidências sobre o consumo de vinho tinto associado ao EF e as influências no sistema cardiovascular. OBJETIVO: Investigar o efeito da interação entre o EF e o consumo moderado de vinho tinto na pressão arterial sistólica (PAS, lipoproteína de alta densidade (HDL, desempenho físico e fração de ejeção do ventrículo esquerdo (FEVE de ratos espontaneamente hipertensos (SHR. MÉTODOS: Amostra de 32 SHR distribuídos em quatro grupos: grupo vinho e exercício (GVE, grupo vinho (GV, grupo exercício (GE e grupo controle (GC. Doses de vinho tinto, equivalentes ao consumo moderado em humanos, foram administradas por gavagem, durante dez semanas, simultâneas ao período de EF, realizado em esteira. Os SHR receberam 3,715 ml/kg/dia de vinho. O desempenho físico foi analisado por teste de esforço (TE, e a FEVE foi obtida por medidas ecocardiográficas. A aferição da PAS ocorreu antes e após o protocolo do EF. RESULTADOS: Demonstrou-se redução significativa da PAS nos grupos de intervenção, comparados ao GC. Ao final do protocolo, o GVE apresentou a maior redução. Assim como na PAS, o GVE apresentou melhor resultado nos níveis de HDL. Não houve diferença significativa no desempenho físico e na FEVE entre os grupos. CONCLUSÃO: O EF associado à ingesta moderada de vinho tinto exerce efeito cardioprotetor na PAS e na HDL de SHR. O desempenho físico e a FEVE não são alterados.

  12. Efeitos de um programa de exercicios fisicos sobre a pressao arterial e medidas antropometricas

    Andrigo Zaar

    2014-01-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: O número de pessoas com sobrepeso ou obesidade tem alcançado índices alarmantes no Brasil. Condutas não-medicamentosas devem ser a estratégia inicial para o tratamento de indivíduos com sobrepeso e hipertensão leve a moderada. OBJETIVO: Analisar os efeitos de um programa de condicionamento físico realizado por um período de 24 meses sobre pressão arterial e composição corporal em indivíduos normotensos e pré-hipertensos. MÉTODOS: Participaram do estudo 35 indivíduos randomizados como: (GI normotensos (n = 16, 51 ± 1 anos, pressão arterial sistólica (PAS < 120 e diastólica (PAD < 80 mmHg; e (GII pré-hipertensos (n = 19, 54 ± 1 anos, PAS de 139 e PAD de 89 mmHg. RESULTADOS: Após 24 meses de programa de condicionamento físico, os indivíduos do GII apresentaram redução na PAS (-3,6 ± 0,94 e -10 ± 0,94 mmHg, p < 0,05, respectivamente e PAD (-6,5 ± 1 e -7,1 ± 0,9 mmHg, p < 0,05. Em ambos os grupos houve redução do perímetro de cintura (-1,74 ± 3,5 e -1,91 ± 4 cm, p < 0,05 e índice de adiposidade (-1,21 ± 2,6 e -1,35 ± 3,1%, p < 0,05, aumento da massa corporal (+1,27 ± 3 e +1,32 ± 3,8 kg, p < 0,05, IMC (+0,72 ± 0,4 e +0,54 ± 0,60 kg/m2, p < 0,05 e massa corporal isenta de gordura (+0,91 ± 0,5 e +0,77 ± 4,8 kg p < 0,05. CONCLUSÃO: Este programa reduziu PA, o perímetro de cintura e o índice de adiposidade em indivíduos pré-hipertensos, constituindo-se, portanto, numa estratégia segura e de baixo custo na prevenção de doenças cardiovasculares e melhoria da condição de saúde da população.

  13. Pressão arterial, respostas metabólicas e autonômicas à insulina e infusão de intralipid® em pacientes chagásicos Presión arterial, respuestas metabólicas y autonómicas a la insulina e infusión de intralipid® en pacientes chagásicos Blood pressure, metabolic and autonomic responses to insulin and intralipid® infusion in chagasic patients

    Claudia Cristina Soares Silva

    2012-03-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Infusão de intralipid e heparina resulta em aumento da pressão arterial e também em anormalidades autonômicas em indivíduos normais e hipertensos. OBJETIVO: Avaliar a sensibilidade a insulina e o impacto da infusão de intralipid e de heparina (ILH sobre a resposta hemodinâmica, metabólica e autonômica em pacientes com a forma indeterminada da doença de Chagas. MÉTODOS: Doze pacientes com a forma indeterminada da doença de Chagas e 12 voluntários saudáveis foram avaliados. RESULTADOS: A pressão arterial basal e a frequência cardíaca foram semelhantes nos dois grupos. Os níveis plasmáticos de noradrenalina encontravam-se ligeiramente aumentados no grupo de pacientes chagásicos. Após o Teste de Tolerância a Insulina (TTI, houve um declínio significativo na glicose dos dois grupos. A Infusão de ILH resultou em aumento da pressão arterial em ambos os grupos, mas não houve nenhuma mudança significativa na noradrenalina plasmática. O componente de Baixa Frequência (BF mostrou-se semelhante e aumentou de forma semelhante em ambos os grupos. O componente de Alta Frequência (AF apresentou-se menor no grupo chagásico. CONCLUSÃO: Pacientes com forma indeterminada da doença de Chagas apresentaram aumento da atividade simpática no momento basal e uma resposta inadequada à insulina. Eles também tiveram um menor componente de alta frequência e sensibilidade barorreflexa prejudicada no momento basal e durante a infusão de intralipid e heparina.FUNDAMENTO: La Infusión de intralipid® y de heparina trae como resultado un aumento de la presión arterial y también de las anormalidades autonómicas en los individuos normales e hipertensos. OBJETIVO: Evaluar la sensibilidad a la insulina y el impacto de la infusión de intralipid® y de heparina (ILH sobre la respuesta hemodinámica, metabólica y autonómica en pacientes con la forma indefinida de la Enfermedad de Chagas. MÉTODOS: Fueron evaluados doce pacientes

  14. O estilo de vida de pacientes hipertensos de um programa de exercício aeróbico: estudo na Cidade de Toluca, México El estilo de vida de pacientes hipertensos de un programa de ejercicio aerobio: estudio en la Ciudad de Toluca, México The life style of the hypertensive patient of a program of aerobic exercise: study in the Toluca City, Mexico

    Cleotilde Garci Reza

    2008-06-01

    Full Text Available A hipertensão arterial, assintomática e desconhecida pela maioria dos seus por tadores, é importante fator de risco para complicações cardiovasculares e renais. Este é um estudo quantitativo e descritivo. Objetivou identificar os estilos de vida associados ao incremento do descontrole da pressão ar terial em pacientes hipertensos que acodem a um programa de exercício. A coleta dos dados ocorreu num centro de saúde do município do Toluca, México, durante agosto 2006 a março 2007. Foi utilizado um questionário aplicado a 200 pacientes hipertensos, através do referencial do "Modelo de Campo de Saúde da Lalonde". O estudo mostrou que o nível de pressão do grupo estudado possui relação estatisticamente significativa com o tabagismo, consumo de álcool e tratamento. A falta do controle da pressão arterial pode propiciar a evolução de doenças cardiovasculares e coronárias.La hipertensión arterial es asintomatica y desconocida por la mayorías de sus portadores y es un impor tante factor de riesgo para complicaciones cardiovasculares y renales. Este es un estudio cuantitativo y descriptivo. Con el objetivo de evaluar el estilo de vida de pacientes hiper tensos registrados en un programa de ejercicio aerobio. La colecta de los datos ocurrió en un centro de salud del municipio de Toluca, México, durante agosto de 2006 a marzo de 2007. Fue utilizado un cuestionario aplicado a 200 pacientes hiper tensos, a través del referencial del "Modelo Campo de Salud de Lalonde". El estudio muestra que existe relación estadística entre los niveles de presión ar terial, con el tabaquismo, consumo de alcohol, y el tratamiento. La falta del control de la presión arterial puede propiciar la evolución de enfermedades cardiovasculares y coronarias.Hypertension is an asymptomatic and an unnoticed disease for the majority of hypertensive individuals and an important long-term factor of risk for cardiovascular and renal complications. It is

  15. Refletindo sobre pressupostos para o cuidar/cuidado na educação em saúde da pessoa hipertensa Reflexionando sobre los conceptos del cuidar/cuidado en la educación en salud del sujeto hipertenso Reflecting about assumptions for care in the healthcare education for hypertensive people

    Cláudia Geovana da Silva Pires

    2009-03-01

    Full Text Available A hipertensão arterial apresenta elevada prevalência e mortalidade, sendo um desafio prevenir e controlar a doença, o que implica em considerar o processo educativo como ferramenta necessária para o cuidado. O estudo teve como objetivo refletir sobre os pressupostos para o cuidado na educação em saúde da pessoa hipertensa. Depreendeu-se que no processo de educação à saúde, os pressupostos para o cuidar assentam-se na consideração da pessoa em lugar do corpo doente e na compreensão do cuidar apto a investir na clínica do indivíduo, privilegiando espaços para a escuta sensível e o acolhimento, para a compreensão do sofrimento, do significado de adoecer e cuidar de si. Esperamos que esta reflexão contribua para implementar e aperfeiçoar novas formas de cuidar nos programas de hipertensão, compreendendo o ser humano como ser destinado à liberdade, felicidade e plena realização.La hipertensión arterial presenta una elevada prevalencia y mortalidad, siendo un desafío prevenir y controlar la enfermedad, lo que implica en considerar el proceso educativo como una herramienta necesaria para el cuidado. El estudio tuvo como objetivo reflexionar sobre los conceptos relacionados con el cuidado, en la educación en salud, de la persona hipertensa. Se desprendió que en el proceso de educación en salud, los conceptos sobre el cuidar están basados en la consideración de la persona en lugar del cuerpo enfermo y en la comprensión del cuidar apto a invertir en la clínica del individuo, privilegiando espacios para la escucha sensible y el acogimiento, para la comprensión del sufrimiento, del significado de enfermarse y cuidar de sí. Esperamos que esta reflexión contribuya para implementar y perfeccionar nuevas formas de cuidar en los programas de hipertensión, comprendiendo al ser humano como ser destinado a la libertad, felicidad y plena realización.Hypertension has high prevalence and mortality. Preventing and controlling this

  16. Cumplimiento del tratamiento antihipertensivo por pacientes hipertensos dispensarizados en dos municipios de Ciudad de La Habana: FAREP2

    Germán Vergel Rivera

    1995-04-01

    Full Text Available El tratamiento adecuado para la hipertensión arterial es imprescindible para disminuir las complicaciones que de ella se derivan. El grado de cumplimiento del tratamiento medicamentoso indicado, así como posibles factores que incidan en él y la relación entre su cumplimiento y el control de la presión arterial, fueron los objetivos de este trabajo realizado con 756 pacientes hipertensos dispensarizados en consultorios de médicos de la familia de los municipios 10 de Octubre y Guanabacoa en Ciudad de La Habana. En 10 de Octubre, los pacientes resultaron ser más cumplidores del tratamiento medicamentoso que en el municipio Guanabacoa. La edad, el sexo y la escolaridad no influyeron significativamente en ello, aunque, se observó un mayor cumplimiento por los pacientes mayores de 65 años. La falta de información y disciplina de la población fueron las causas principales del no cumplimiento. El tratamiento antihipertensivo utilizado parece ser eficaz para controlar la hipertensión arterial.

  17. Anatomia do circuito arterial do encéfalo em Tamanduá-mirim Anatomy of encephalon arterial circuit in lesser anteater

    Ana Rita Lima

    2013-02-01

    Full Text Available O circuito arterial do encéfalo é de grande importância, pois é responsável pela vascularização do encéfalo, sendo este o principal órgão do sistema nervoso central e responsável por receber e processar informações. A espécie estudada foi escolhida por tratar-se de um mamífero pertencente à ordem Xenarthra e os integrantes dessa ordem são pouco estudados, devido à dificuldade de acesso a esses animais. Para desenvolver este trabalho, foram estudados cinco espécimes de Tamanduá-mirim (Tamandua tetradactyla. O material teve o sistema arterial injetado com látex Neoprene 650, corado em vermelho e fixado em solução aquosa de Formaldeído 10%, sendo posteriormente dissecados para sistematização dos vasos. O circuito arterial da base do encéfalo do tamanduá-mirim circunda o corpo mamilar, a fossa interpenduncular, o túber cinéreo, a hipófise e o quiasma óptico. A porção rostral desse circuito é caracterizada pelos ramos rostrais das artérias carótidas internas e a porção caudal é constituída pelas artérias comunicantes caudais e ramos caudais da artéria carótida interna. Esta espécie animal apresenta o tipo II de irrigação encefálica no qual existe a participação das artérias carótidas internas e do sistema vértebro-basilar para a formação do circuito arterial.The arterial circuit of the brain is of great importance because it is responsible for vascularization of the brain and this is the main organ of the central nervous system and responsible for receiving and processing information. The species was chosen because it is a mammal belonging to the Xenarthra order and the members of this order are little studied because of the difficulty of access to these animals. To develop this work were studied five specimens of lesser anteater (Tamandua tetradactyla. The material had the arterial system filled with Neoprene latex stained in red, fixed in aqueous solution of 10% paraformaldehyde and dissected

  18. Atividade física como discriminador da ausência de hipertensão arterial em homens adultos

    Francisco Jose Gondim Pitanga

    2014-12-01

    Full Text Available Introdução: Diversos estudos epidemiológicos demonstram que a atividade física reduz a pressão arterial, porém a quantidade necessária para que estes benefícios sejam alcançados permanece especulativa. Objetivo: Analisar a quantidade (duração e intensidade de atividade física em seus diferentes domínios (trabalho, deslocamento, atividade doméstica e tempo livre como discriminador da ausência de hipertensão arterial em adultos do sexo masculino. Métodos: Estudo transversal realizado na cidade de Lauro de Freitas, Bahia, Brasil com amostra constituída por 220 indivíduos do sexo masculino com idade superior a 18 anos. Foram construídas diversas curvas Receiver Operating Characteristic (ROC e comparadas às áreas sobre as mesmas entre a quantidade de atividade física em seus diferentes domínios e a ausência de hipertensão arterial. Verificou-se também a sensibilidade e especificidade para a quantidade de atividade física necessária para prevenção de hipertensão arterial. Foi utilizado o intervalo de confiança a 95%. Resultados: Entre os diferentes domínios de atividade física analisados encontrou-se maior significância estatística nas áreas sob a curva ROC para a atividade física no trabalho e no tempo livre. A caminhada não foi boa discriminadora para a ausência de hipertensão arterial em nenhum dos domínios analisados. Observou-se também que 180 min/semana de atividade física moderada, acumulada nos diferentes domínios foi o melhor ponto de corte para discriminar a ausência de hipertensão arterial. Conclusão: A prática da atividade física, principalmente de intensidade moderada, com duração de pelo menos 180 min/semana deve ser sugerida para indivíduos do sexo masculino visando contribuir para a prevenção da hipertensão arterial.

  19. Velocidade da onda de pulso, pressão arterial e adipocitocinas em adultos jovens: estudo do Rio de Janeiro

    Oswaldo Luiz Pizzi

    2013-01-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Dados sobre a avaliação não invasiva vascular e suas relações com variáveis de risco cardiovascular são escassos em jovens. OBJETIVO: Avaliar a relação entre a velocidade de onda de pulso e a pressão arterial,variáveis antropométricas e metabólicas, incluindo as adipocitocinas, em indivíduos adultos jovens. MÉTODOS: Foram avaliados 96 indivíduos (51 homens do estudo do Rio de Janeiro, de 26 a 35 anos (média 30,09 ± 1,92. Foram obtidos a velocidade de onda de pulso (método Complior, pressão arterial, índice de massa corporal, glicose, perfil lipídico, leptina, insulina, adiponectina e o índice de resistência à insulina HOMA-IR. Os indivíduos foram estratificados em três grupos segundo o tercil da VOP para cada sexo. RESULTADOS: O grupo com maior tercil de VOP mostrou maiores médias de pressão arterial sistólica, pressão arterial diastólica, pressão arterial média, índice de massa corporal, insulina, HOMA-IR e menores médias de adiponectina, além de maiores prevalências de diabetes mellitus/intolerância à glicose e hiperinsulinemia. Houve correlação significativa e positiva da velocidade da onda de pulso com pressão arterial sistólica, pressão arterial diastólica, pressão de pulso e pressão arterial média, índice de massa corporal, e LDL-colesterol e negativa com HDL-colesterol e adiponectina. Em modelo de regressão múltipla, após ajuste do HDL-colesterol, LDL-colesterol e adiponectina para sexo, idade, índice de massa corporal e pressão arterial média, apenas o sexo masculino e a pressão arterial média mantiveram correlação significativa com a velocidade de onda de pulso. CONCLUSÃO: A velocidade de onda de pulso em adultos jovens mostrou relação significativa com variáveis de risco cardiovascular, destacando-se o sexo masculino e a pressão arterial média como importantes variáveis no seu determinismo. Os achados sugerem que a medida da VOP pode ser útil para a

  20. Relação entre hipertensão arterial sistêmica e síndrome da apnéia obstrutiva do sono

    Cavallari Fransérgio E.M.

    2002-01-01

    Full Text Available Introdução: hipertensão arterial sistêmica (HAS e a Síndrome da Apnéia Obstrutiva do Sono (SAOS são doenças prevalentes na população mundial e, embora despertem interesse na comunidade médica, não têm fisiopatologia e mecanismos pelo qual produzem suas complicações completamente elucidados. A SAOS está cada vez mais relacionada a patologias cardiovasculares, principalmente à hipertensão, que é prevalente em pacientes com SAOS. Objetivo: Em nosso estudo, objetivamos avaliar as alterações encontradas na presença de HAS em pacientes portadores de SAOS. Forma de estudo: Clínico prospectivo randomizado. Material e método: Estudamos uma população de pacientes do Ambulatório de Ronco e Apnéia do HC FMRP - USP, de fevereiro de 1999 a fevereiro de 2002, em um total de 42, sendo 30 (71,42% pacientes homens e 12 (28,58% mulheres, com idades de 21 a 77 anos (média de 45,3, dp = 9,372706, todos com diagnóstico de SAOS confirmado pela polissonografia, divididos em dois grupos de 21 pacientes com SAOS (controle e 21 com SAOS e HAS. Avaliamos as escalas de Epworth, Ronco e Sonolência nos dois grupos, além do uso da polissonografia para estudo objetivo. Resultado: Não encontramos diferença estatística entre os grupos na comparação dos resultados das escalas, mesmo tendo o grupo de hipertensos médias maiores. Ao avaliarmos objetivamente os pacientes com a polissonografia, levando em conta o IDR, há estatística significante (p=0,0326, com os hipertensos apresentando médias maiores. Vendo a proporção nos grupos, há predomínio de pacientes com apnéia moderada e grave entre os hipertensos, e leve entre os do controle. Conclusão: Concluindo, a concomitância entre HAS e SAOS representa fator agravante no grau da apnéia.

  1. Alteraciones fondoscópicas en pacientes hipertensos en un Consultorio del Médico de la Familia Funduscopic alterations in hypertensive patients at a family physician's office

    Lisi Osorio Illas

    2003-06-01

    Full Text Available Con vistas a estudiar más profundamente el papel de la hipertensión arterial en el desarrollo de alteraciones retinianas, se realizó un estudio de 69 pacientes dispensarizados como hipertensos del Consultorio del Médico de la Familia no. 23 del policlínico "Elpidio Berovides"del municipio La Lisa desde enero a junio del año 2002. Todos los pacientes fueron evaluados desde el punto de vista general y fondoscópico donde se encontró un predominio del sexo femenino, con una mayor incidencia en mayores de 60 años. El mayor porcentaje de afecciones fondoscópicas se observó en los pacientes hipertensos moderados con más de 10 años de evolución. En el control de la hipertensión arterial influyó el tipo de tratamiento indicado y su cumplimiento; se demostró que la actividad preventiva es fundamental para modificar en gran medida la evolución de la enfermedad y la aparición de las alteraciones retinianas.In order to go deep into the role of arterial hypertension in the development of retinal alterations, a study was conducted among 69 patients classified as hypertensive at the Family Physician's Office no. 23 of "Elpidio Berovides" Polyclinic, in La Lisa municipality, from January to June, 2002. All the patients were evaluated from the general and fundoscopic point of view. It was found a predominance of females with a higher incidence in those over 60. The greatest percentage of fundoscopic affections was found in moderate hypertensive patients with more than 10 years of evolution. The type of treatment indicated and its fulfillment influenced the control of arterial hypertension. It was proved that the preventive activity is fundamental to modify considerably the evolution of the disease and the appearance of retinal alterations.

  2. Cefaléia em pacientes com feocromocitoma: influência da hipertensão arterial Headache in patients with pheochromocytoma: influence of arterial hypertension

    ELCIO JULIATO PIOVESAN

    1998-06-01

    Full Text Available A cefaléia no feocromocitoma é elemento diagnóstico importante, que pode caracterizar uma reação do organismo frente a oscilações hormonais patológicas. Após averiguação da hipertensão arterial e da cefaléia em 20 pacientes durante os períodos de descompensação do feocromocitoma, sugerimos que a hipertensão arterial isolada não é o único fator desencadeante dos fenômenos álgicos cranianos. A possibilidade das variações nas catecolaminas, adrenomedulina e outras substâncias neuroendócrinas deve ser melhor esclarecida para comprovar esta hipótese.Headache is an important diagnostic element in pheochromocytoma and it may characterize a body reaction to pathological hormonal oscillations. We observed the pheochromocytoma instability in 20 patients during arterial hypertension and tried to correlate with headache. We found that isolate hypertension is not the only factor in headache pathogenesis. It is possible that changes in catecholamines, adrenomedullin and other neuropeptides may cause some of these symptoms.

  3. Fatores de risco modificáveis para doença arterial coronariana nos trabalhadores de enfermagem Factores de riesgo modificables para la enfermedad arterial coronaria en los trabajadores de enfermería Modifiable risk factors for coronary artery disease among nursing staff of a general hospital

    Cyntia Oliveira Maia

    2007-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: identificar os fatores de risco (FR modificáveis para doença arterial coronariana (DAC nos trabalhadores de enfermagem de um hospital geral. MÉTODOS: estudo com 209 trabalhadores submetidos a exame antropométrico e aferição da pressão arterial. Foram realizadas coletas capilares para verificar os níveis de colesterol total e glicemia para cálculo do índice de massa corporal (IMC. Aplicado questionário sobre atividade física e estresse. Os FR para DAC foram quantificados e avaliados. RESULTADOS: da amostra, 19,1% eram estressados, 29,7% hipertensos e 27,7% apresentaram CT>200mg/dl. O tabagismo corresponde a 28,8% dos técnicos. Os auxiliares apresentaram maior índice de IMC e nível de estresse; os enfermeiros foram os mais hipertensos. Sedentarismo estava presente em mais da metade da amostra. CONCLUSÃO: este estudo mostra a identificação e quantificação dos diferentes FR para DAC, pois a partir do conhecimento da realidade epidemiológica, é possível desenvolver ações e educação em saúde relevantes na intervenção preventiva.OBJETIVO: identificar los factores de riesgo (FR modificables para enfermedad arterial coronaria (DAC en los trabajadores de enfermería de un hospital general. MÉTODOS: estudio realizado con 209 trabajadores sometidos a examen antropométrico y evaluación de la de la presión arterial. Se llevaron a cabo recolecciones capilares para verificar los niveles de colesterol total y glicemia para el cálculo del índice de masa corporal (IMC. Se aplicó un cuestionario sobre actividad física y estrés. Los FR para DAC fueron cuantificados y evaluados. RESULTADOS: de la muestra, 19,1% eran estresados, 29,7% hipertensos y 27,7% presentaron CT>200mg/dl. El tabaquismo corresponde al 28,8% de los técnicos. Los auxiliares presentaron mayor índice de IMC y nivel de estrés; los enfermeros fueron los más hipertensos. El Sedentarismo estaba presente en más de la mitad de la muestra. CONCLUSI

  4. Validação do mini-questionário de qualidade de vida em hipertensão arterial (MINICHAL para o português (Brasil Validation of the short form of the spanish hypertension quality of life questionnaire (MINICHAL for portuguese (Brazil

    Renata Berberi Schulz

    2008-02-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A avaliação da qualidade de vida tem sido considerada um parâmetro fundamental na compreensão do impacto causado pela hipertensão arterial. OBJETIVO: Traduzir, adaptar culturalmente e validar para a língua portuguesa o questionário específico para avaliação de qualidade de vida em hipertensão denominado "Mini-Cuestionario de Calidad de Vida em Hipertensión Arterial" (MINICHAL. MÉTODOS: Foram realizadas duas traduções independentes do MINICHAL para o português do Brasil. Posteriormente, as duas traduções foram harmonizadas gerando uma versão que foi retrotraduzida. Essa versão foi revisada por um comitê de juízes e a versão gerada foi testada em um ensaio piloto. Após a adaptação transcultural, a versão final do instrumento foi aplicada em uma amostra de 300 pacientes. Foram analisadas as propriedades psicométricas do questionário, como confiabilidade e validade de constructo. A consistência interna do instrumento foi verificada pelo coeficiente Alpha de Cronbach. RESULTADOS: A versão brasileira do MINICHAL apresentou na análise da consistência interna valores de Alpha de Cronbach de 0,88 para o domínio Estado Mental e 0,86 para Manifestações Somáticas. Na análise de validade de conteúdo a avaliação dos juízes apresentou alto índice de concordância (75,44%. A análise fatorial confirmou os dois fatores, com diferenças em um item, o qual foi incluído no fator 2. O grupo controle apresentou diferenças significativas com relação aos hipertensos t=4,86, gl=276,8, pBACKGRAOUND: The assessment of quality of life has been considered an essential parameter in understanding the impact of arterial hypertension. OBJECTIVE: To translate into portuguese, cross-culturally adapt and validate the questionnaire specific for the assessment of quality of life known as "Mini Cuestionario de Calidad de Vida en Hipertensión Arterial" (MINICHAL. METHODS: Two independent translations of MINICHAL were made

  5. Anastomose arterial com fio de polidioxanona e fio de polipropileno. Estudo comparativo em cães Arterial anastomose with polydioxanone and polypropilene suture. Comparative study in dogs

    Eloísa de Brida Tormena

    2002-03-01

    Full Text Available Este estudo teve por objetivo comparar os efeitos do fio absorvível de polidioxanona com o fio inabsorvível de polipropileno, em anastomoses término-terminais, em artérias femorais de cães. Foram utilizados 20 cães, separados em dois grupos, para observação no 7º e no 30º dia de pós-operatório. Cada cão teve suas artérias femorais seccionadas e aproximadas em um lado com pontos separados de fio de polidioxanona 6-0, e no lado contralateral com o fio de polipropileno 6-0. A escolha do fio foi feita por sorteio, totalizando 40 anastomoses. Para análise estatística dos resultados aplicaram-se os testes de Fisher, Mac Nemar, Wilcoxon, Mann-Witney e o teste T de Student (a ≤ 0,05. Nas avaliações clínicas não foram observadas diferenças significantes entre os fios utilizados. Os resultados obtidos nas avaliações arteriográfica e macroscópica dos segmentos arteriais foram semelhantes, assim como na análise histológica morfológica. Na análise histológica morfométrica o fio de polipropileno apresentou número de células gigantes de corpo estranho significativamente maior que o fio de polidioxanona aos 7 e 30 dias de pós-operatório. Os resultados nos permitem concluir que, apesar da maior reação de corpo estranho observada com o fio de polipropileno, o fio de polidioxanona apresentou resultados semelhantes ao fio de polipropileno, em anastomoses arteriais em cães.The objetive of this study was to compare the effects of the absorbable polidioxanone suture to the nonabsorbable polypropylene suture, in end-to-end anastomoses, using dog’s femoral arteries. Twenty dogs were separated in two groups for observation on the 7th and 30th post-operatory day. Each dog had its femoral arteries seccioned and then aproximated one side with separate stitches of polidioxanone 6-0 suture, and the other side with polypropylene 6-0 suture. For the statistical studies Fisher, Mac nemar, Wilsoxon, Mann-Witney and T of Student tests (a

  6. Chylomicrons metabolism in patients with coronary artery disease; Metabolismo de quilomicrons em pacientes portadores de doenca arterial coronaria

    Brandizzi, Laura Ines Ventura

    2002-07-01

    Chylomicrons are the triglyceride-rich lipoproteins that carry dietary lipids absorbed in the intestine. In the bloodstream , chylomicron triglycerides are broken-down by lipoprotein lipase using apoliprotein (apo) CII as co factor. Fatty acids and glycerol resulting from the enzymatic action are absorbed and stored in the body tissues mainly adipose and muscle for subsequent utilizations energy source. The resulting triglycerides depleted remnants are taken-up by liver receptor such as the LDL receptor using mainly apo E as ligand. For methodological reasons, chylomicron metabolism has been unfrequently studied in subjects despite its pathophysiological importance, and this metabolism was not evaluated in the great clinical trials that established the link between atherosclerosis and lipids. In studies using oral fat load tests, it has been shown that in patients with coronary artery disease there is a trend to accumulation of post-prandial triglycerides, vitamin A or apo B-48 , suggesting that in those patients chylomicrons and their remnants are slowly removed from the circulation. A triglyceride-rich emulsion marked radioisotopic which mimics chylomicron metabolism when injected into the bloodstream has been described that can offer a more straight forward approach to evaluate chylomicrons. In coronary artery disease patients both lipolysis and remnant removal from the plasma of the chylomicron-like emulsions were found slowed-down compared with control subjects without the disease. The introduction of more practical techniques to assess chylomicron metabolism may be new mechanisms underlying atherogenesis. (author)

  7. Perfil nutricional e cardiovascular de ratos normotensos e hipertensos sob dieta hiperlipídica Perfil nutricional y cardiovascular de ratas normotensas e hipertensos bajo dieta hiperlipídica Nutritional and cardiovascular profiles of normotensive and hypertensive rats kept on a high fat diet

    Silvio A. Oliveira Júnior

    2009-11-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Embora dietas hiperlipídicas (DH promovam distúrbios nutricionais e cardíacos, poucos estudos avaliaram sua influência em ratos normotensos Wistar-Kyoto (WKY e espontaneamente hipertensos (SHR. OBJETIVO: Avaliar e comparar o perfil nutricional e cardiovascular de WKY e SHR tratados com DH. MÉTODOS: 20 WKY e 20 SHR foram distribuídos em quatro grupos: WKY-controle (WKY-C, WKY-DH, SHR-controle (SHR- C e SHR-DH. Os grupos C e DH receberam, respectivamente, dieta normocalórica e DH durante 20 semanas. Foram avaliados: peso corporal (PC, adiposidade, glicemia, lípides séricos, com dosagens de colesterol total e triacilglicerol, insulina e leptina. O estudo cardiovascular contemplou a pressão arterial sistólica (PAS, avaliação cardiopulmonar anatômica, ecocardiograma e histologia cardíaca. RESULTADOS: Os SHRs apresentaram menor PC, adiposidade, glicose, colesterol, triacilglicerol, leptina e insulina, quando comparados aos WKYs. Nos SHR, a ingestão calórica aumentou com a DH. Já nos WKYs, a DH elevou a eficiência energética, a adiposidade e a leptina e reduziu a glicemia. Na avaliação cardiovascular, os SHR apresentaram maior PAS, umidade pulmonar, hipertrofia e fibrose intersticial miocárdica em relação aos WKYs (pFUNDAMENTO: Embora dietas hiperlipídicas (DH promovam distúrbios nutricionais e cardíacos, poucos estudos avaliaram sua influência em ratos normotensos Wistar-Kyoto (WKY e espontaneamente hipertensos (SHR. OBJETIVO: Evaluar y comparar el perfil nutricional y cardiovascular de WKY y SHR tratadas con DH. MÉTODOS: Un total de 20 WKY y 20 SHR se distribuyó en cuatro grupos: WKY-control (WKY-C, WKY-DH, SHR-control (SHR-C y SHR-DH. Los grupos C y DH recibieron, respectivamente, dieta normocalórica y DH durante 20 semanas. Se evaluaron: peso corporal (PC, adiposidad, glucemia, lípidos séricos, con dosificaciones de colesterol total y triacilglicerol, insulina y leptina. El estudio cardiovascular

  8. Estilo de vida sedentário em indivíduos com hipertensão arterial

    Larissa Castelo Guedes Martins

    2015-12-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo: identificar a prevalência do diagnóstico de enfermagem Estilo de Vida Sedentário (EVS e analisar sua associação com os indicadores clínicos (IC e fatores relacionados (FR em indivíduos com hipertensão arterial (HA. Método: estudo transversal com 285 pacientes com HAS em um centro de referência em atendimento ambulatorial no nordeste do Brasil. Para a coleta de dados, utilizou-se instrumento baseado nas definições operacionais dos IC e FR validados anteriormente. Quatro enfermeiros classificaram EVS como presente ou ausente. Para avaliar a associação entre IC e FR com a presença de EVS aplicou-se o Teste de Qui-quadrado. Calculou-se a razão de prevalência e intervalo de confiança para verificar a magnitude do efeito entre FR e EVS. Resultados: identificou-se EVS em 55,8% da amostra. Cinco IC e seis FR apresentaram associação estatística significante com EVS. Conclusão: o estudo identificou os principais indicadores para inferência de EVS, bem como seus possíveis fatores causais entre pessoas com HAS.

  9. How well is hypertension managed in the community? A population-based survey in a Brazilian city O manejo da hipertensão arterial sistêmica na comunidade:estudo de base populacional em uma cidade brasileira

    Roberto X. Piccini

    1997-10-01

    Full Text Available There is usually little information available on how well hypertensive individuals are managed at the community level. This survey measured the frequency of hypertension in a medium-sized Brazilian city by studying a cluster sample of 1657 adults aged 20-69 years. The 328 hypertensives (19.8% answered a questionnaire on the knowledge and management of their condition. Two-thirds were aware of their status and more than half were on antihypertensive medication, but only one-third had their blood pressure under control. Physicians failed to advise a large proportion of their patients about the need to lose weight, take exercise, and quit smoking. Although laboratory tests were carried out in most patients, fundoscopy and chest X-rays were performed in fewer than 50%. Continued care by the same physician was the only factor significantly associated with compensated high blood pressure (relative risk for not having continued care = 1.35; 95% CI = 1.02-1.71. High levels of absenteeism, reduction of the work load, and early retirement were found among the individuals with high blood pressure.Há poucas informações disponíveis a respeito do manejo de pacientes hipertensos na comunidade. Esse estudo mede a freqüência de hipertensão em uma cidade de médio porte do Brasil ao estudar uma amostra aleatória de 1.657 adultos com idade entre 20 e 69 anos. Os 328 hipertensos (19,8% encontrados foram submetidos a um questionário que investigava o conhecimento a respeito de sua condição e dados do manejo deste problema. Dois terços deles sabiam ser hipertensos, mais da metade usava medicação para hipertensão, mas apenas um terço apresentava cifras tensionais controladas. Os médicos não recomendaram, para muitos dos seus pacientes, realizarem exercícios físicos, abandonar o tabagismo e reduzirem o peso corporal. Embora exames laboratoriais tenham sido realizados em muitos pacientes, exame de fundo de olho e Rx de tórax foram feitos em menos de

  10. Evaluación del control de pacientes hipertensos dispensarizados en dos municipios de Ciudad de La Habana

    Míriam Cires Pujol

    1995-08-01

    Full Text Available Se entrevistaron 756 hipertensos, dispensarizados en 54 consultorios del médico de la familia, de los municipios 10 de Octubre y Guanabacoa, con el propósito de evaluar el control de la enfermedad a este nivel y precisar los factores que influyen cuando no se logra normalizar las cifras tensionales de estos pacientes. Los datos se analizaron con el estadígrafo chi-cuadrado. Se encontró sólo un 16,4 % controlado y un 11,3 % parcialmente controlado. Sólo la hiperlipidemia influyó significativamente en el grupo no controlado (p < 0,05. Predominó el tratamiento no farmacológico incorrecto, significativo en el grupo no controlado (p < 0,05. El 80,2 % consumía medicamentos (56 % cumplidores, no controlados. Se concluye que las conductas terapéuticas influyen en la falta de control de la tensión arterial, si se trabaja para modificar dichas conductas junto con los factores de riesgo, se podrá incrementar el número de pacientes controlados

  11. Programa de Actividades Físicas Terapéuticas en pacientes hipertensos del Subcentro de Salud "Plan Piloto" de la Fundación Futuro en Guayaquil - Ecuador.

    Marco Campaña

    2015-10-01

    Full Text Available En el Subcentro de Salud “Plan Piloto Independiente” de la Fundación Futuro en Guayaquil los pacientes hipertensos solo llevan tratamientos farmacológicos para su enfermedad y no se incluyen las actividades físicas terapéuticas como parte integral de su tratamiento. Por esta razón se aplicó un programa de ejercicios físicos para la diminución y/o mantención de los niveles de presión arterial y se planteó la tarea de evaluar distintos indicadores para comprobar la efectividad del programa. Este estudio se realizó con pacientes hipertensos del Subcentro “Plan Piloto”, para lo cual se utilizaron métodos teóricos lo que permitió obtener resultados satisfactorios en cuanto a los objetivos e hipótesis planteadas. Se realizaron encuestas a los pacientes para conocer su estado psico bio social, y otra encuesta para conocer el criterio de los especialistas que participaron durante el proceso de investigación, todo esto junto con el análisis de los resultados obtenidos nos permitió determinar las conclusiones y recomendaciones necesarias. Es de vital importancia que los especialistas en la Cultura Física Terapéutica se dediquen a contribuir al mejoramiento del estado de salud de los pacientes hipertensos por medio de las actividades físicas terapéuticas, no solo de Guayaquil sino también del País, ya que esta enfermedad crece paulatinamente y es necesario trabajar en la prevención como en el control de la Hipertensión Arterial, para reducir el índice de mortalidad que tiene en la actualidad.

  12. Associação entre obesidade central, triglicerídeos e hipertensão arterial em uma área rural do Brasil Association between central obesity, triglycerides and hypertension in a rural area in Brazil

    Adriano Marçal Pimenta

    2008-06-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A hipertensão, importante problema de saúde pública, representa uma das principais causas de morbidade em todo o mundo. OBJETIVO: Estimar a prevalência da hipertensão arterial e seus fatores de risco em uma comunidade rural do nordeste do estado de Minas Gerais, Brasil. MÉTODOS: Estudo transversal realizado em 2004, em Virgem das Graças, comunidade rural localizada no Vale do Jequitinhonha. A amostra era composta por 287 indivíduos, com idades entre 18 e 88 anos. Hipertensão foi definida segundo os critérios da Joint National Committee (pressão arterial sistólica > 140 mmHg e/ou pressão arterial diastólica > 90 mmHg: indivíduos que já usavam medicamentos anti-hipertensivos também foram considerados hipertensos. Usou-se a análise bivariada para testar a relação entre as variáveis independentes e hipertensão, e a regressão logística para ajustar fatores de confusão e identificar interações. A força de associação foi mensurada usando-se odds ratio (OR e seus intervalos de confiança de 95% [IC (95%]. RESULTADOS: A prevalência bruta da hipertensão foi de 47,0% [IC (95%: 41,1 - 53,0], a prevalência ajustada por idade foi de 43,2% [IC (95%: 35,7 - 50,7], enquanto a prevalência ajustada por escolaridade foi de 44,1% [IC (95%: 43,9 - 44,3]. De acordo com a análise multivariada, observou-se que idade, triglicerídeos, circunferência da cintura e sexo eram fatores de risco independentes associados à hipertensão. CONCLUSÃO: Os achados fornecem evidências importantes de que a hipertensão é um problema de saúde pública associado à dislipidemia e à obesidade abdominal, na área rural de Minas Gerais.BACKGROUND: Hypertension represents a serious public health problem and is one of the most frequent causes of morbidity around the world. OBJECTIVE: To estimate the prevalence of hypertension and its risk factors in a rural community located in the north-eastern state of Minas Gerais, Brazil. METHODS: A

  13. Fatores de risco em indivíduos com hipertensão arterial Factores de riesgo en individuos con hipertensión arterial Risk factors to patients with arterial hypertension

    Janete Pessuto

    1998-01-01

    Full Text Available Este trabalho teve o objetivo de verificar os hábitos relacionados aos fatores de risco em uma população de portadores de hipertensão arterial. A amostra foi composta por 70 indivíduos, constatando-se que a maioria não faz exercício, não tem atividade de lazer, havendo necessidade de programas educativos para aquisição destes hábitos .Há lacunas de informação, pois os clientes têm como ponto de referência, em sua maioria, a própria experiência, ao invés das orientações que recebem de vários profissionais.Este trabajo tuvo como objetivo verificar los hábitos relacionados con los factores de riesgo en una población de portadores de hipertensión arterial . Fueron entrevistados setenta individuos, y se constató que la gran mayoría no práctican ejercicios físicos y no tienen actividades de recreación, existiendo la necesidad de programas educativos para la aquisición de estes hábitos. Hay lagunas de información, pues la mayoría del clientes tienen como punto de referencia sus propias experiencias y no las orientaciones recibidas de varios profesionales.The aim of this research was to verify the habits related to the risk factors of one population with arterial hypertension. Seventy individuals were interviewed. Authors found that the majority do not practice any kind of physical exercise, they do not have leisure activities and need education programs to aquire these habits. There are gaps in information, because they have their own experience as a reference, in spite of the orientations they received from several professionals.

  14. Prevalencia de dislipidemias en pacientes hipertensos que asisten al hospital San Marcos, Chinchiná, Caldas, Colombia, 2014

    Acevedo, Vincent David; Castaño Castrillón, José Jaime M.Sc.; Giraldo, José Fernando Mag.; Escobar, Vanessa; Ernesto Felizzola, Gustavo; Gómez, Mary Luz; Moreno, Gricely; Yulián, Andrés Ortiz; Vivian, Andrea Torres

    2015-01-01

    Objetivo: Determinar el perfil lipídico y factores asociados a dislipidemias en pacientes hipertensos de Chinchiná, Colombia. Materiales y métodos: Estudio de corte transversal, con una muestra de 100 pacientes del grupo de hipertensos del hospital San Marcos Chinchiná, excluyendo aquellos con diabetes, falla renal, hipotiroidismo, embarazadas y menores de 35 años, realizado desde febrero de 2013 hasta noviembre de 2014, se indago por variables sociodemográficas, antecedentes fami...

  15. Instrumento mensurador de adesao para hipertensos: contribuicao da Teoria da Resposta ao Item

    Malvina Thais Pacheco Rodrigues

    2013-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar instrumento de medição da adesão ao tratamento da hipertensão por meio da "Teoria da Resposta ao Item". MÉTODOS: Estudo analítico com 406 hipertensos com complicações associadas, atendidos na atenção básica em Fortaleza, CE, 2011, pela "Teoria da Resposta ao Item". As etapas de execução foram: teste de dimensionalidade, calibração dos itens; tratamento dos dados e construção da escala, analisadas com base no modelo de resposta gradual. Estudo da dimensionalidade do instrumento foi feito pela análise da matriz de correlação policórica e análise fatorial de informação completa. Utilizou-se o software Multilog para calibração dos itens e estimação dos escores. RESULTADOS: Os itens referentes ao tratamento medicamentoso foram os mais diretamente relacionados à adesão, enquanto aqueles referentes ao tratamento não medicamentoso precisam ser reformulados, pois possuíram menor quantidade de informação psicométrica e baixa discriminação. A independência dos itens, o reduzido número de níveis da escala e as baixas variâncias explicadas no ajuste dos modelos mostraram as principais fragilidades do instrumento analisado. A "Teoria da Resposta ao Item" mostrou-se relevante para análise, pois avaliou o respondente quanto à adesão ao tratamento da hipertensão, ao nível de dificuldade dos itens e à sua capacidade de discriminação entre indivíduos com diferentes níveis de adesão, o que gerou maior quantidade de informação. CONCLUSÕES: O instrumento analisado é limitado para medir a adesão ao tratamento da hipertensão, mediante análise pela "Teoria da Resposta ao Item", e necessita de ajustes. A adequada formulação dos itens é importante para medir precisamente o traço latente desejado.

  16. Family support in the control of hypertension Contribución familiar en el control de la hipertensión arterial Contribuição familiar no controle da hipertensão arterial

    Rosana dos Santos Costa

    2008-10-01

    surgimento de doenças cardiovasculares. Para que o paciente consiga o controle da doença é imprescindível o apoio da família. O estudo teve como objetivo analisar se a família do hipertenso contribui positivamente para o controle de sua pressão arterial. Foi realizado na cidade de Teresina com pessoas cadastradas, no ano 2005, no programa de hipertensão de um centro integrado de saúde. Os dados foram coletados através de entrevista individualizada, utilizando-se a técnica do incidente crítico. Após a análise de conteúdo, identificou-se que o elemento conseqüência obteve 146 referências, sendo 58 positivas e 88 negativas, definindo-se quatro categorias: aspecto familiar, aspecto financeiro, aspecto de saúde e aspecto emocional. De acordo com os relatos, pôde-se inferir dificuldades no relacionamento familiar, preocupação do hipertenso em relação a seus descendentes e pouco envolvimento da família no plano de cuidado do doente.

  17. Impacto da hipertensão arterial no remodelamento ventricular, em pacientes com estenose aórtica

    João Carlos Hueb

    2011-09-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A hipertrofia ventricular esquerda (HVE é comum em pacientes com hipertensão arterial sistêmica (HAS e estenose aórtica (EAo e, com certa frequência, encontramos associação entre estas patologias. Mas, em tal situação, não está clara a importância de cada uma na HVE. OBJETIVO: 1 - Avaliar em pacientes portadores de EAo, submetidos previamente a estudo ecocardiográfico, a magnitude da HVE, nos casos de EAo isolada e associada à HAS; 2 - Avaliar o padrão de remodelamento geométrico nas duas situações. MÉTODOS: Estudo retrospectivo, observacional e transversal, incluindo 298 pacientes consecutivos, com EAo ao ecocardiograma. HVE foi considerada para massa miocárdica > 224g em homens e > 162g em mulheres. Os pacientes foram classificados como portadores de EAo leve (gradiente máximo 50,0 mmHg, além disso, foram separados em dois subgrupos: com e sem HAS. RESULTADOS: Nos três níveis de lesão aórtica, a massa ventricular esquerda foi maior na EAo associada à HAS do que na EAo isolada (EAo leve: 172 ± 45 vs 223 ± 73g, p < 0,0001; EAo moderada: 189 ± 77 vs 245 ± 81g, p = 0,0313; EAo grave: 200 ± 62 vs 252 ± 88g, p = 0,0372. Presença de HAS esteve associada a maior risco de HVE (OR = 2,1,IC95%:1,2-3,6; p = 0,012. Pacientes com EAo grave e HAS apresentaram predomínio de hipertrofia concêntrica, quando comparados com aqueles normotensos (p = 0,013. CONCLUSÃO: Em pacientes com EAo, a presença de HAS foi um fator adicional de aumento da massa ventricular esquerda, interferindo também na geometria ventricular.

  18. Dopplervelocimetria arterial em gestantes com antecedente de crescimento intra-uterino retardado Arterial doppler velocimetry in pregnant women with previous idiopathic intrauterine growth retardation

    Solange Sasaki

    1998-10-01

    Full Text Available Objetivo: verificar o comportamento da dopplervelocimetria no decorrer de gestações de risco e analisar os resultados perinatais obtidos entre os conceptos que apresentaram crescimento intra-uterino retardado (CIUR e os considerados adequados para a idade gestacional (AIG. Método: avaliou-se prospectivamente a evolução da dopplervelocimetria em 38 gestantes com antecedente de CIUR idiopático, correlacionando-a com a presença do CIUR na gestação atual. A população gestacional em estudo foi dividida em dois grupos, de acordo com o peso de seus respectivos recém-nascidos. O grupo 1 apresentou recém-nascidos com CIUR e o grupo 2, recém-nascidos adequados para idade gestacional. O CIUR foi diagnosticado em 23,7% (9/38 dos casos. A dopplervelocimetria das artérias umbilical e uterina foi realizada entre a 20ª e a 40ª semana de gestação. A dopplervelocimetria da artéria cerebral média foi analisada após a 28ª semana de gestação e repetida duas vezes por mês, valorizando-se o último exame antes do parto. Resultado: verificamos uma correlação entre a média do índice S/D da dopplervelocimetria da artéria uterina e umbilical na 24ª e 28ª semana de gestação, respectivamente, e a ocorrência de CIUR. Não houve diferença entre os dois grupos quanto à presença ou ausência da incisura protodiastólica na artéria uterina e os índices da artéria cerebral média no último exame antes do parto. Houve relação entre a internação no berçário, superior a três dias, e a presença de CIUR. Conclusões: A dopplervelocimetria é um recurso propedêutico que deve ser empregado no acompanhamento de casos com maior risco para o CIUR. Com isso, consegue-se detectar aqueles fetos com maior risco de hipóxia e, ao se interromper oportunamente a gestação, evitam-se as complicações relacionadas ao sofrimento fetal.Purpose: to determine the behavior of doppler velocimetry during the course of risk pregnancies and to compare

  19. Promoção, prevenção e cuidado da hipertensão arterial no Brasil

    Roberto Xavier Piccini

    2012-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estimar a prevalência de ações de promoção, prevenção e cuidado da hipertensão arterial em adultos e identificar sua associação com estado descompensado de hipertensão. MÉTODOS: Estudo epidemiológico transversal de base populacional realizado por meio de entrevista com 12.324 adultos, de 20 a 59 anos, em 100 municípios brasileiros. As variáveis independentes, consideradas como promoção, prevenção e cuidado, foram: ter recebido orientações sobre a manutenção do peso ideal e sobre atividade física; ter consultado um médico e ter realizado eletrocardiograma no último ano. Pressão arterial acima de 140/90 mmHg foi considerada estado descompensado, sendo a variável dependente para a avaliação da qualidade do cuidado. RESULTADOS: Do total, 16,3% (n = 2.004 referiram diagnóstico médico de hipertensão. As maiores prevalências de hipertensão foram observadas na categoria de idade de 50 a 59 anos, concentradas nas regiões Sudeste e Centro-Oeste. Mais da metade (66,1% esteve em consulta médica por hipertensão no último ano, da qual metade (52,4% realizou eletrocardiograma. Dos hipertensos que tiveram sua pressão arterial aferida na entrevista (74,6%, menos da metade (42,4% apresentava cifras tensionais descompensadas. CONCLUSÕES: Não houve associação entre haver consultado médico no último ano e cifras tensionais descompensadas. A proporção de hipertensos descompensados foi significativamente menor entre os que foram orientados para manter o peso ideal, realizar atividade física e os que fizeram eletrocardiograma. Ser do sexo masculino, ter idade acima de 40 anos e habitar na região Sul mostraram-se associados a estado descompensado da hipertensão.

  20. Uso de dispositivo automático de medida de pressão arterial em crianças entre 4 e 13 anos

    Roberta Silveira dos Reis

    2009-12-01

    Full Text Available Estudo realizado para averiguar a confiabilidade de valores obtidos na aferição de pressão arterial em criançascom um aparelho automático de medida de pressão arterial. Tem como objetivos verificar os valores de pressãonas artérias braquial e radial de crianças pelo método auscultatório com o manguito de largura correta ecompará-los aos valores obtidos nas mesmas artérias com instrumento automático. A pesquisa foi realizadacom crianças atendidas em um hospital universitário do interior do estado de São Paulo. Utilizou-se o monitordigital de pressão arterial de pulso Tech Line WS-501. A amostra, de 100 crianças, compôs-se de crianças cujacircunferência do braço ou punho estava entre 14 e 17 cm, adequadas ao uso do manguito de 6 cm de largura.O aparelho foi utilizado seguindo suas especificações. Os valores da pressão arterial sistólica obtidos com oaparelho automático foram superiores à coluna de mercúrio em 1,38 mmHg, em média. Em relação à pressãoarterial diastólica, os valores obtidos com o aparelho de mercúrio foram superiores ao aparelho digital em 1,22mmHg, em média. Assim, o aparelho Tech Line WS-501 mostrou-se adequado para o uso clínico, desde que acircunferência destes membros esteja de acordo com as especificações do aparelho automático.

  1. Intensidades de treinamento resistido e pressão arterial de idosas hipertensas - um estudo piloto

    Eline Silva da Cunha

    2012-12-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Observa-se que a literatura apresenta uma lacuna acerca da intensidade ideal de treinamento resistido para idosos hipertensos, os poucos estudos existentes utilizam treinamentos com diferentes intensidades. OBJETIVO: Verificar o efeito de duas intensidades de treinamento resistido sobre a pressão arterial de idosas hipertensas controladas. Métodos: Dezesseis idosas hipertensas, controladas por medicação anti-hipertensiva, foram divididas em dois grupos através de sorteio. Nove pacientes foram submetidas a treinamento resistido moderado (G1 e sete, a treinamento resistido leve (G2. As pacientes realizaram oito semanas de treinamento resistido, com frequência de três vezes por semana em dias alternados, no período vespertino. Os exercícios realizados foram respectivamente: leg press, supino reto, extensão de joelhos, puxada frontal, flexão de joelhos, abdução de ombro, abdução unilateral de quadril com cross over e rosca direta com barra. RESULTADOS: As pacientes do G1 apresentaram redução tanto nos valores de repouso da pressão arterial diastólica (PAD p < 0,03, como da pressão arterial média (PAM p < 0,03. O G2, por sua vez, apresentou redução nos valores de repouso da PAM (p < 0,03 e uma tendência à redução na PAD (p < 0,06. A magnitude de queda em ambos os grupos foi superior aos valores apresentados na literatura. CONCLUSÂO: Tanto o treinamento resistido moderado quanto o leve, mesmo quando iniciados na terceira idade, promoveram benefícios cardiovasculares. Ambos podem ser indicados como tratamento coadjuvante para idosas hipertensas controladas por medicação.

  2. Indicadores antropométricos como preditores de pressão arterial elevada em adolescentes

    Carmem Cristina Beck

    2011-02-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A hipertensão arterial está relacionada ao incremento da gordura corporal, a qual pode ser avaliada por meio de indicadores antropométricos. OBJETIVO: Determinar o poder preditivo de indicadores antropométricos e estabelecer seus pontos de corte como discriminadores de pressão arterial elevada. MÉTODOS: Estudo transversal realizado com uma amostra de 660 adolescentes de 14 a 19 anos sendo 51,9% moças. Foram considerados os seguintes indicadores antropométricos: índice de massa corporal (IMC, circunferência da cintura, razão cintura/estatura e índice de conicidade. A pressão arterial elevada foi caracterizada por valores acima do percentil 90 para pressão arterial sistólica e/ou pressão arterial diastólica. Para identificação dos preditores de pressão arterial elevada, foi adotada a análise das curvas Receiver Operating Characteristic (ROC, com intervalo de confiança de 95%. Posteriormente, identificaram-se os pontos de corte com suas respectivas sensibilidades e especificidades. RESULTADOS: As áreas sob as curvas ROC com os intervalos de confiança foram: rapazes - circunferência de cintura = 0,80 (0,72-0,89; IMC = 0,79 (0,68-0,89; razão cintura/estatura = 0,77 (0,66-0,88; índice de conicidade = 0,69 (0,56-0,81 e para as moças - circunferência de cintura = 0,96 (0,92-1,00; IMC = 0,95 (0,87-1,00; razão cintura/estatura = 0,93 (0,85-1,00; índice de conicidade = 0,74 (0,50-0,98. Os diversos pontos de corte dos indicadores antropométricos com melhores poderes preditivos e suas respectivas sensibilidades e especificidades foram identificados. CONCLUSÃO: Apesar de a razão cintura/estatura e de o IMC terem apresentado boas áreas sob a curva ROC, sugere-se a utilização da circunferência de cintura para a predição da pressão arterial elevada.

  3. Suprimento arterial do lobo torácico do timo em suínos da linhagem "Rezende"

    Gonçalez Patrícia Orlandini

    2003-01-01

    Full Text Available Foram dissecados 30 exemplares de fetos de suínos da linhagem "Rezende", após injeção do sistema vascular arterial, via artéria aorta descendente torácica, com Neoprene látex "450" corado com pigmento específico e fixação em solução aquosa de formol a 10%, para a observação da origem, número e ordenação das artérias destinadas ao lobo torácico do timo. O antímero esquerdo foi irrigado por ramos diretos das artérias torácica interna esquerda (96,66%, cervical superficial esquerda (40,00%, torácica interna direita (26,66%, tronco braquiocefálico (20,00%, subclávia esquerda (10,00%, carótida comum esquerda (10,00%, vertebral esquerda (6,66%, cervical superficial direita (6,66%, tronco bicarotídico (6,66%, torácica externa direita (3,33% e axilar esquerda (3,33%; ramos indiretos foram provenientes das artérias torácica interna esquerda (40,00%, cervical superficial esquerda (23,33% e subclávia esquerda (3,33%. O antímero direito foi irrigado por ramos diretos, provenientes das artérias torácica interna direita (63,33%, cervical superficial direita (13,33%, carótida comum direita (6,66%, torácica externa direita (3,33% e subclávia direita (3,33%; ramos indiretos foram originários das artérias torácica interna direita (20,00%, cervical superficial direita (10,00%, torácica externa direita (3,33% e subclávia direita (3,33%. A massa tímica do antímero direito esteve presente em 43,33% dos casos, ausente em 30,00% e reduzida em 26,66%, sendo observado de 1 a 7 ramos penetrantes em seu parênquima. A massa tímica do antímero esquerdo foi encontrada em 100,00% das dissecações, recebendo de 2 a 9 ramos penetrantes.

  4. Hipertensão arterial em adolescentes do Rio de Janeiro: prevalência e associação com atividade física e obesidade

    Victor Gonçalves Corrêa-Neto

    2014-06-01

    Full Text Available O objetivo do estudo foi identificar a prevalência de hipertensão arterial sistêmica em adolescentes estudantes do 3º ano do ensino médio de escolas públicas estaduais dentro do município do rio de Janeiro com idade entre 17 e 19 anos, bem como investigar as associações de hipertensão arterial sistêmica com obesidade e níveis de atividade física. Dados de pressão arterial, índice de massa corporal e atividade física, foram coletados. A amostra foi composta por 854 indivíduos, a estatística descritiva foi aplicada na amostra, bem como um modelo de regressão de Poisson para determinar o impacto das variáveis na prevalência de hipertensão arterial sistêmica. A prevalência de hipertensão arterial sistêmica foi de 19,4%. Sexo masculino, sobrepeso e obesidade se associaram positiva e significativamente com hipertensão arterial sistêmica (p 0,05. A natureza dessas relações deveria ser interpretada a luz da reflexão e não de rotulações passivas embasadas em conceitos hegemônicos.

  5. ASSOCIAÇÃO ENTRE PRESSÃO ARTERIAL E ESTADO NUTRICIONAL EM ESCOLARES BRASILEIROS DE MUNICÍPIO DE MÉDIO PORTE

    Silvia Bandeira Da Silva-Lima

    2015-04-01

    Full Text Available A predominância do excesso de peso e obesidade na infância e na adolescência cresce drasticamente e representa um problema de saúde pública, tendo atingido já proporções epidêmicas em países desenvolvidos e em desenvolvimento (WHO, 2011. Quando observadas entre crianças e adolescentes com excesso de peso, as prevalências de pressão arterial (PA elevadas podem apresentar valores de duas a seis vezes maiores do que aquelas encontradas em crianças e adolescentes eutróficos, com variações entre 28,7% e 46,4%, respectivamente, para o sobrepeso e a obesidade (GOMES, ALVES, 2006; COSTANZI et al., 2009.Considerando esses aspectos, o presente estudo objetivou verificar a prevalência de pressão arterial elevada em escolares de 10 a 19 anos, bem como os fatores associados.Objetivo: Analisar a associação entre pressão arterial e estado nutricional em adolescentes de um município de médio porte, Estado do Paraná – Brasil..

  6. Hipertensión arterial sistólica. Impacto sobre la enfermedad cerebrovascular.

    María C. Valle Campo

    2011-08-01

    Full Text Available Fundamento: La aterosclerosis es un proceso multifactorial sobre el cual actúan varios factores de riesgo. Constituye la principal causa de muerte y de morbilidad en ingresados hospitalarios, y puede ocasionar una acentuada disminución del flujo sanguíneo hacia todos los órganos del cuerpo humano
    Objetivo
    : Determinar el impacto de la hipertensión arterial sistólica sobre la enfermedad cerebrovascular.
    Métodos
    : Se realizó un estudio transversal, observacional y analítico, en 59 fallecidos hipertensos. Se analizaron las arterias cerebrales y se cuantificó la lesión aterosclerótica y su variedad, aplicándose el sistema aterométrico, teniendo en cuenta los tipos de hipertensión arterial. Se emplearon procedimientos estadísticos (medidas de tendencia central y comparativos (prueba de comparación de media aritmética basadas en el test “t” de <em>student>.
    Resultados: Los infartos cerebrales recientes fueron más frecuentes en hipertensos sistodiastólicos. No hubo diferencia significativa en cuanto a la edad en el momento de aparición de las lesiones para ambos sexos, pero las mujeres con hipertensión sistólica, fueron significativamente más dañadas desde el punto de vista morfométrico. Se observó correlación significativa para ambos grupos de hipertensos entre tipo de accidente cerebrovascular y variables del sistema aterométrico. Conclusiones: La hipertensión arterial sistólica es un factor importante en la génesis de la enfermedad vasculocerebral y está asociada con la progresión de la placa de ateroma.

    SYSTOLIC HYPERTENSION. IMPACT ON CEREBROVASCULAR DISEASE

    Background: Atherosclerosis is a multifactor process in which several risk factors are involved. It is the leading cause of death and morbidity in hospital admitted patients, and it may cause

  7. QUALIDADE DOS DADOS ANTROPOMÉTRICOS DOS USUÁRIOS HIPERTENSOS ATENDIDOS NO PROGRAMA DE SAÚDE DA FAMÍLIA E SUA ASSOCIAÇÃO COM FATORES DE RISCO

    Iara Medeiros de Araújo

    2013-01-01

    Full Text Available El objetivo de este trabajo consistió en analizar la calidad de los datos antropométricos de los hipertensos atendidos en el Programa de Salud de la Familia y su asociación con la obesidad y demás factores de riesgo. Se trata de un estudio de cohorte donde fueron investigados los datos catastrales, expedientes y entrevistas de los usuarios en el municipio de João Pessoa-PB, Brasil. Se investigó la calidad de los datos a través de la imputación de los registros faltantes en los hipertensos catastrados, cuya comparación de los indicadores construidos antes y después fue realizada por la prueba t de Student, además el cálculo de la razón de posibilidades, la regresión logística, con el fin de establecer una posible asociación entre estas variables y la variable dependiente. Se observó una asociación significativa entre la obesidad de los hipertensos con circunferencia de la cintura y razón cintura cuadril con p<0,001. Se evidenció también una asociación significativa de los niveles de hipertensión y edad con p<0,01. Los resultados sugieren aumento de la prevalencia de la presión arterial con la edad, y su asociación con los indicadores antropométricos.

  8. Síndrome metabólico en niños y adolescentes hipertensos obesos Metabolic syndrome in hypertensive and obese children and adolescents

    Yudalvis Oquendo de la Cruz

    2010-12-01

    Full Text Available INTRODUCCIÓN. La combinación de hipertensión y obesidad en la infancia y la adolescencia incrementa el riesgo de un síndrome metabólico (SM en edades tempranas de la vida. El objetivo de este estudio fue determinar la presencia de SM en adolescentes hipertensos obesos y su relación con algunas variantes clínicas y bioquímicas. MÉTODOS. Se realizó un estudio descriptivo y prospectivo, con 152 niños y adolescentes hipertensos obesos, con edades entre 5 y 19 años, procedentes de la consulta de nefrología del Hospital Pediátrico Universitario «Juan Manuel Márquez». Se realizaron estudios de microalbuminuria, glucemia, insulina, colesterol total y triglicéridos en ayunas. RESULTADOS. Se encontró síndrome metabólico en el 35,5 % de los hipertensos obesos y fue más frecuente en el sexo masculino. Predominó la obesidad grave y 8 de cada 10 niños presentaron 3 criterios del síndrome. La prevalencia de cada uno de los componentes fue del 33,3 % en la alteración del metabolismo de la glucosa, del 100 % en la obesidad central e hipertensión arterial, del 51,8 % en la hipertrigliceridemia y del 13 % en el colesterol de lipoproteínas de alta densidad (HDL-C bajo. Casi la mitad de los pacientes tenían microalbuminuria. El 31,5 % de los sujetos estudiados presentó insulinorresistencia y en el 29,5 % de los casos se encontró hígado graso no alcohólico. CONCLUSIONES.Uno de cada 3 hipertensos obesos tenía síndrome metabólico, por lo que se recomienda continuar investigando sobre este síndrome en la infancia y la adolescencia.INTRODUCTION. The combination of high blood pressure and obesity in childhood increases the risk of metabolic syndrome (MS in early ages of life. The aim of present study was to determine the presence of MS in obese hypertensive adolescents and its relation to some clinical and biochemical variants. METHODS. A prospective and descriptive study was conducted in 152 obese children and adolescents aged 5 and

  9. Neurinoma retropharyngeo contendo cystos em communicação com a circulaççao arterial

    C. Magarinos Torres

    1936-01-01

    Full Text Available Apresentamos um caso de neurinoma retropharyngeo que offereceu consideravel difficuldade no diagnostico em vida do paciente. A existencia, em sua espessura, de cavidades que, punccionadas, davam sahida a sangue rutilante, constituio feição clinica peculiar. O diganostico só foi possivel post-mortem, o estudo histologico revelando um neurinoma com extensas áreas de necrose, inflammação purulenta e hemorrhagica. As cavidades encontradas são a consequencia desses processos. No momento da autopsia ellas apresentavam conteúdo francamente purulento, sendo a quantidade de coagulos sanguineos relativamente pequena, destacando-se os coagulos facilmente das paredes internas das cavidades. O diagnostico de aneurysma foi excluido pelo exame microscopico, o qual, tambem, não revelou, no tumor, a estructura de angioma ou de angiosarcoma. As hemorrhagias processadas nas áreas necrosadas reconhecem, provavelmente, como ponto de partida arterias ou arteriolas englobadas na massa tumoral. Estas se conservariam em communicação permanente com algumas cavidades originadas por necrose e desintegração dos tecidos do tumor. Assim seria explicada a sahida de sangue rutilante pela puncção das cavidades em vida do doente, a pressão do sangue em seu interior, e a rapida desapparição do meio de contraste na arteriographia. A origem do tumor não poude ser precisada. Não é fóra de proposito recordar o que dizem Wahl (1914 e Dawydow (1932. Segundo Wahl, embora os tumores compostos de elementos especificos do tecido nervoso possam derivar de qualquer ponto do systema nervoso, o maior numero delles tem sua origem, contudo, no systema sympathico. Estructuras cysticas são referidas em dois dentre quarenta e cinco casos de ganglioneuremas por elle colligidos na litteratura até aquella epocha. Em um delles, são: « cystic structures that are probably softened fibroma ». Dawydow (1932 refere um neurinoma retropharyngeo tendo origem no ganglío sympathico

  10. Análisis de los factores asociados a la calidad de vida del paciente hipertenso

    Cristina Nolasco Monterroso

    2015-12-01

    Full Text Available Introducción: En la Hipertensión Arterial (HTA existen una serie de factores asociados a la misma que inciden en la Calidad de Vida Relacionada con la Salud (CVRS de la población en general, como es el caso de la Diabetes Mellitus, el hábito tabáquico, alimentación, etc. Objetivo: Analizar la CVRS y los factores asociados a ésta, en pacientes con HTA controlados en la Unidad de Hipertensión de la Unidad de Gestión Clínica (UGC Nefrología del Hospital Universitario Reina Sofía (HURS de Córdoba. Pacientes y Métodos: Se ha realizado un estudio observacional, descriptivo y transversal, en 33 pacientes hipertensos con una edad media de 73,24±5,55 años; 20 hombres (60,6% y 13 mujeres (39,4% controlados en la Unida de Hipertensión de la UGC Nefrología del HURS de Córdoba. Se analizó la CVRS mediante el cuestionario de salud SF-36. Para el análisis de la dependencia se utilizó el Índice de Barthel. Resultados: Los valores de la CVRS fueron: Salud General 43.36±24.84, Función Física 58.18±32.71, Rol Físico 78.98±34.51, Rol Emocional 82.07±28.50, Función Social 81.81±33.67, Dolor Corporal 66.06±39.42, Vitalidad 63.83±33,80, Salud Mental 70.45±29.27. La Función Física, Salud General y Dolor Corporal fueron las dimensiones en las que puntuaron más bajo que la población de referencia. Respecto al grado de dependencia, el 45.45% eran independientes el 51.51% presentaban dependencia leve, y el 3.03% presentaban una dependencia grave. Se encontró una correlación estadísticamente significativa entre edad y la dimensión Función Física y Vitalidad; entre peso y Rol Físico y el Índice de Masa Corporal (IMC; entre ejercicio y Función Social; entre el IMC y Rol Físico y Componente Salud Física. Los pacientes con algún grado de dependencia tenían disminuida la CVRS en comparación con los independientes. Conclusiones: A la vista de nuestros resultados podemos afirmar que, al menos en la muestra estudiada, la

  11. Software interativo: ecocardiografia na avaliaçao da hipertensao arterial

    Fábio Abdalla Segamarchi

    Full Text Available A hipertensao arterial é uma doença muito prevalente, evoluindo com lesoes em órgaos-alvo, alta morbidade e mortalidade. A avaliaçao das repercussoes cardíacas pela ecocardiografia tem papel importante na conduçao clínica dos indivíduos hipertensos, e suas imagens podem ser utilizadas como ferramenta para o ensino. OBJETIVOS: Desenvolver e avaliar um software, construído com base em imagens ecocardiográficas, abordando de forma ilustrativa e interativa a estrutura e funçao cardíacas normais,bem como as alteraçoes induzidas pela hipertensao arterial. MÉTODOS: Foram selecionadas imagens ecocardiográficas de indivíduos normais e com comprometimento cardíaco determinado pela hipertensao (hipertrofia ventricular esquerda, miocardiopatia dilatada e infarto do miocárdio. Com estas imagens foi construído um software no programa multimídia Flash, que foi avaliado por estudantes de Medicina (n=38 e Enfermagem (n=18, também submetidos a pré- e pós-teste. RESULTADOS: Os alunos consideraram o software útil, atraente e adequado as atuais metodologias educacionais proativas,promovendo ganho de conhecimento na compreensao do comprometimento cardíaco na hipertensao arterial. Conclusao: O software foi bem avaliado e considerado útil na aquisiçao de conhecimento numa área específica mais prevalente do comprometimento da saúde do adulto.

  12. Benefícios decorrentes de prática do cuidado farmacêutico em hipertensão e diabetes tipo 2 para sua efetivação em unidades de saúde

    Maria Aparecida NICOLETTI

    2017-12-01

    Full Text Available Pacientes portadores de doenças crônicas, em especial, hipertensão e diabetes, necessitam acompanhamento constante do profissional da saúde, pois o descontrole tanto da glicemia como da pressão arterial é precursora de crises fatais do funcionamento de rins, problemas cardiovasculares e motores, gerando custos evitáveis ao sistema público de saúde. O objetivo desse trabalho é buscar evidências que demonstrem os benefícios dos cuidados farmacêuticos a pacientes portadores de doenças crônicas não transmissíveis, em especial, hipertensão e diabetes tipo 2, por meio A pesquisa é uma revisão narrativa utilizando busca de artigos nas bases científicas de dados Web of Science, SciELO, Biblioteca Virtual em Saúde, Bancos de Dados Bibliográficos da USP (DEDALUS e PubMed-NCBI, bem como dados epidemiológicos do DATASUS e diretrizes brasileiras, para a contextualização de hipertensão e diabetes. Foi observado que a prática de cuidados farmacêuticos impactou no índice de adesão ao tratamento em pacientes hipertensos e/ou diabéticos, proporcionando melhora clínica e na qualidade de vida gerando, ainda, um benefício socioeconômico. É importante enfatizar que o cuidado farmacêutico não é praticado isoladamente de outros serviços de saúde, mas em colaboração com os pacientes e a equipe multidisciplinar em saúde; cada profissional deve atuar em seu âmbito de competência, o que resultará em benefício ao paciente e ao setor público.

  13. Hipertensão arterial e aspectos éticos em pesquisa envolvendo seres humanos: implicações para a área da saúde

    Vieira Vidigal de Andrade

    2003-01-01

    Full Text Available Encontra-se bem relatada a elevação da prevalência da hipertensão arterial na população mundial. No Brasil, essa desordem metabólica vem sendo relacionada como um dos mais importantes fatores de risco para crianças, adultos e idosos. A utilização de serviços de saúde ocorre em função das necessidades e do comportamento dos indivíduos em relação aos seus problemas de saúde, assim como à disponibilidade de acesso ao sistema de saúde pública. A pesquisa clínica sobre a hipertensão arterial exige a observância dos princípios éticos inalienáveis para o ser humano.

  14. Estudios sobre los enfermos hipertensos en tratamientos en España durante el periodo 1990 - 1993

    García Ruiz Antonio J.

    1997-01-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: El objetivo principal de nuestro trabajo ha sido conocer desde la perspectiva de la farmacoepidemiología el uso de los fármacos antihipertensivos en nuestro país con objeto de obtener una estimación cruda del número de enfermos hipertensos en tratamiento en las diferentes Comunidades Autónomas. MÉTODOS: Los datos referentes al consumo de los medicamentos antihipertensivos (monofármacos desde 1990 a 1993 se han obtenido de la Subdirección General de Asistencia y Ordenación Farmacéutica. La metodología empleada para el cálculo de laEstimación de la Prevalencia de Enfermos-Día en tratamiento con estos fármacos se basa en las recomendaciones de la OMS para los Estudios de Utilización de Medicamentos. Se ha calculado la Estimación de la prevalencia de enfermos-día (EPED, empleándose para su cálculo la Dosis Diaria Definida de cada uno de los fármacos antihipertensivos. RESULTADOS: Los hipertensos en tratamiento con estos fármacos han sido 1.736.937, 1.966.398, 2.226.225 y 2.435.294 durante 1990 a 1993 respectivamente. A final de nuestro estudio, 1993, el número de hipertensos tratados en España se aproxima al 50% del total de hipertensos. Existen diferencias interregionales, así las Comunidades Autónomas de Aragón, Castilla-La Mancha, Cataluña, País Valenciano y Murcia destacan como las regiones donde el número de hipertensos tratados es superior a la media nacional. CONCLUSIONES: El número de hipertensos en tratamiento ha aumentado considerablemente desde 1990 a 1993 (+40%. Se aprecia un aumento en el número de hipertensos en tratamiento con antagonistas del calcio e inhibidores de la ECA y una disminución en la proporción de hipertensos en tratamiento con Beta bloqueantes y Diuréticos.

  15. Efeito do vinho tinto associado ao exercício físico no sistema cardiovascular de ratos espontaneamente hipertensos Efecto del vino tinto asociado al ejercicio físico en el sistema cardiovascular de ratones espontáneamente hipertensos Effect of red wine associated with physical exercise in the cardiovascular system of spontaneously hipertensive rats

    Paulo Roberto Soares Filho

    2011-04-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Prática de exercício físico (EF é eficiente no tratamento e na prevenção da hipertensão, associada à melhora do perfil lipídico e da função contrátil cardíaca. Consumo moderado e regular de bebidas alcoólicas, como vinho tinto, desempenha efeito cardiovascular protetor. Polifenóis da bebida apresentam propriedades antioxidantes, beneficiando vasos sanguíneos. Há poucas evidências sobre o consumo de vinho tinto associado ao EF e as influências no sistema cardiovascular. OBJETIVO: Investigar o efeito da interação entre o EF e o consumo moderado de vinho tinto na pressão arterial sistólica (PAS, lipoproteína de alta densidade (HDL, desempenho físico e fração de ejeção do ventrículo esquerdo (FEVE de ratos espontaneamente hipertensos (SHR. MÉTODOS: Amostra de 32 SHR distribuídos em quatro grupos: grupo vinho e exercício (GVE, grupo vinho (GV, grupo exercício (GE e grupo controle (GC. Doses de vinho tinto, equivalentes ao consumo moderado em humanos, foram administradas por gavagem, durante dez semanas, simultâneas ao período de EF, realizado em esteira. Os SHR receberam 3,715 ml/kg/dia de vinho. O desempenho físico foi analisado por teste de esforço (TE, e a FEVE foi obtida por medidas ecocardiográficas. A aferição da PAS ocorreu antes e após o protocolo do EF. RESULTADOS: Demonstrou-se redução significativa da PAS nos grupos de intervenção, comparados ao GC. Ao final do protocolo, o GVE apresentou a maior redução. Assim como na PAS, o GVE apresentou melhor resultado nos níveis de HDL. Não houve diferença significativa no desempenho físico e na FEVE entre os grupos. CONCLUSÃO: O EF associado à ingesta moderada de vinho tinto exerce efeito cardioprotetor na PAS e na HDL de SHR. O desempenho físico e a FEVE não são alterados.FUNDAMENTO: Práctica de ejercicio físico (EF es eficiente en el tratamiento y en la prevención de la hipertensión, asociada a la mejora del perfil lip

  16. Origem anômala da artéria pulmonar direita em aorta ascendente (hemitruncus Anomalous origin of right pulmonary artery from ascending aorta (hemitruncus

    Ivan Romero Rivera

    1998-05-01

    Full Text Available A origem da artéria pulmonar direita em aorta ascendente é uma anomalia congênita rara, com poucos casos descritos na literatura. Descrevemos dois casos desta malformação, um associado à interrupção de arco aórtico tipo B. Em ambos, o diagnóstico foi realizado mediante ecocardiografia bidimensional, com confirmação angiográfica em um. A origem da artéria pulmonar direita era próxima à valva aórtica, anomalia patogeneticamente diferente da origem perto da artéria inominada.The origin of the right pulmonary artery from the ascending aorta is a rare congenital anomaly, with very few reports in the literature. We describe two cases of this rare malformation, one of them, associated with interruption of the aortic arch (type B. In both cases, the diagnosis was made by two-dimensional echocardiography, with angiographic confirmation in one of them. The origin of the right pulmonary artery was close to the aortic valve, anomaly pathogenetically distinct from the type that arises close to the innominate artery.

  17. Intervenções em Dieta e Pressão Arterial na América Latina - Revisão Sistemática e Meta-Análise

    Mazzaro, Caroline Cantalejo; Klostermann, Flávia Caroline; Erbano, Bruna Olandoski; Schio, Nicolle Amboni; Guarita-Souza, Luiz César; Olandoski, Marcia; Faria-Neto, José Rocha; Baena, Cristina Pellegrino

    2014-01-01

    Fundamento: Pressão arterial elevada é o principal fator de risco para doenças cardiovasculares. Baixos índices de controle da pressão arterial em populações latino-americanas reforçam a necessidade de reunir evidências sobre terapias eficazes. Objetivo: Avaliar o efeito das intervenções de modificações de dietas sobre pressão arterial em populações latino-americanas. Métodos: Revisão sistemática. Foram pesquisadas diversas bases de dados (MEDLINE-PubMed, Embase, Cochrane Library, CI...

  18. Agencia de autocuidado en hipertensos usuarios de un hospital universitario en Cúcuta (Colombia

    Olga Marina Vega Angarita

    2014-01-01

    Full Text Available Objetivo: El objetivo de este estudio fue describir la capacidad de agencia de autocuidado de hipertensos usuarios del servicio de consulta externa del Hospital Universitario Erasmo Meoz, en Cúcuta. Materiales y métodos: Estudio descriptivo transversal de corte cuantitativo, realizado durante el primer semestre de 2012; la muestra por conveniencia estuvo conformada por 65 hipertensos, a quienes, previa verificación del cumplimiento de requisitos, les fue aplicado la escala “Apreciación de la agencia de autocuidado”. Resultados: A nivel general se reportó que el 83.1 % de los pacientes presentó una capacidad de autocuidado baja; el 6.2 % mediana capacidad y solo el 10.7 % una capacidad alta. Con igual tendencia se reportaron las categorías “promoción y funcionamiento del desarrollo personal”, “interacción personal” y “actividad” y “reposo”. Conclusiones: Los hallazgos obtenidos en este estudio permiten apreciar de manera global la afectación de la capacidad de agencia de autocuidado en los participantes; hecho que ratifica la importancia del trabajo contundente de enfermería en el fortalecimiento de estas personas como seres capaces de usar la razón para comprender su estado de salud, tomar decisiones para la acción específica y generar comportamientos favorables hacia su propio cuidado.

  19. Hipertensão arterial na Ilha do Governador, Brasil: II. Prevalência Arterial hypertension in Ilha do Governador, Rio de Janeiro, Brazil: II. Prevalence

    Carlos Henrique Klein

    1995-09-01

    Full Text Available Este segundo artigo (de uma série de dois tem como finalidade apresentar apenas os resultados básicos de um estudo, em amostra representativa de população, sobre Hipertensão Arterial na Ilha do Governador (região administrativa do município do Rio de Janeiro, em três estratos de acordo com a renda média domiciliar (baixa, média e alta de setores censitários. No conjunto da Ilha do Governador a prevalência de hipertensão não controlada foi de 16,1 % (I.C. de 95%: 13,4 a 18,9%, e incluindo-se os hipertensos controlados, este índice subiu para 24,9% (I.C. de 95%: 21,7 a 28,1 %. Por ambos os critérios (incluindo ou não os hipertensos controlados, as prevalências mais elevadas foram as do estrato de renda baixa e as menores do estrato de renda alta. Porém, só foi possível rejeitar a homogeneidade de prevalências de hipertensão (incluindo os controlados entre os estratos, e ainda assim para uma significância de 10%, quando se ajustou o efeito de confusão da idade. As mulheres hipertensas parecem controlar em maior proporção seus níveis de pressão arterial em qualquer faixa etária dos adultos, do que os homens.The aim of this paper (the second of two is to present the basic results of a cross–sectional study on arterial hypertension in adults in Ilha do Governador (a district of the city of Rio de Janeiro, Brazil, with a representative sample of the population, stratified by the census tracts' mean household incorre (low, median, and high. Overall, prevalence of uncontrolled hypertension in Ilha do Governador was 16.1% (C.I. of 95%: 13.4 to 18.9%, and with the inclusion of controlled hypertensive individuals this figure rose to 24.9% (C I. of 95%: 21.7 to 28.7%. Under both criteria (whether including controlled hypertensive individuais or not, higher prevalences were from low‑incorre strata, while lower ones were from the high‑incorre strata. However, it was only possible to reject the hypothesis of strata homogeneity

  20. La microalbuminuria como factor pronóstico en un grupo de pacientes hipertensos de una entidad de primer nivel de atención de Manizales (Colombia, 2010

    Jonathan Andrés Arias

    2012-01-01

    Full Text Available Objetivo: Determinar el valor de la microalbuminuria en un grupo de pacientes hipertensos. Materiales y métodos: Se estudiaron pacientes inscritos en el programa de vigilancia y control de la hipertensión arterial de ASSBASALUD ESE (Manizales, Colombia, clasificados como de riesgo bajo y moderado. Se diseñó un estudio transversal para el análisis de los factores de riesgo asociados: dislipidemia, obesidad, diabetes mellitus, infarto agudo de miocardio relacionándolos con los niveles de microalbuminuria encontrados en la investigación. Resultados: El estudio se hizo con 86 pacientes hipertensos (76,7% mujeres. En 16,7% (Ic95%: 9,4-26,45 de ellos los niveles de microalbuninuria se encontraron alterados. Las cifras halladas estuvieron entre 95,1mg/dl, valor máximo, y una cifra mínima de 0,1mg/dl. El valor promedio fue de 11,77mg/dl. En 34,9% de los pacientes se registraron antecedentes patológicos, en 74,2% el antecedente fue dislipidemia y obesidad en el 32% de los casos. 64% de los pacientes tenían antecedentes familiares patológicos, hipertensión arterial en el 30,9% e infarto del miocardio en el 16,4%. Se encontró relación significativa entre microalbuminuria y el valor de índice de masa corporal (p=0,028. Conclusiones: La frecuencia de microalbuminuria positiva relacionada con dislipidemia fue similar a la obtenida en otros estudios. Se encontró una elevada prevalencia de microalbuminuria alterada en pacientes con dislipidemia. La frecuencia de microalbuminuria anormal encontrada en la población estudiada indica presencia de riesgo cardiovascular.

  1. Caracterización de las alteraciones del fondo de ojo en pacientes hipertensos en una comunidad venezolana Characterization of the fundus oculi alterations among hypertensive patients in a Venezuelan community

    Lisis Osorio Illas

    2006-02-01

    Full Text Available Se realizó un estudio descriptivo, retrospectivo en 114 pacientes dispensarizados como hipertensos pertenecientes a 2 consultorios médicos de la Misión Barrio Adentro, ubicados en la comunidad rural de Monterralo-Pueblito, perteneciente al municipio Piar, Estado de Bolívar, Venezuela, desde septiembre de 2004 a enero del año 2005, para estudiar más profundamente el papel de la hipertensión arterial en el desarrollo de alteraciones retinianas. Todos los pacientes fueron evaluados desde el punto de vista general y fondoscópico, y se encontró un predominio del sexo femenino, con una mayor incidencia en los mayores de 60 años. De los pacientes estudiados, 58 presentaron algún grado de retinopatía, y el mayor número presentaba grados iniciales de retinopatía. La mayor cantidad de afecciones fondoscópicas se observó en los pacientes hipertensos moderados y con 10 años o más de evolución de la enfermedad.A descriptive retrospective study was undertaken in 114 patients categorized as hypertensives at 2 family physicians' offices of Mission Barrio Adentro located in the rural community of Monterralo-Pueblito, in Piar municipality, State of Bolivar, Venezuela, from September 2004 to January 2005, to go deeper into the role played by arterial hypertension in the development of retinal alterations. All the patients were evaluated from the general and funduscopic point of view. It was found a predominance of females with a higher incidence in individuals over 60. Of the studied patients, 58 presented some degree of retinopathy and the highest number showed initial degrees of retinopathy. The greatest amount of funduscopic affections was observed in moderate hypertensive patients and with 10 years or over of evolution of the disease.

  2. Anastomose arterial com fio de polidioxanona e fio de polipropileno. Estudo comparativo em cães Arterial anastomose with polydioxanone and polypropilene suture. Comparative study in dogs

    Eloísa de Brida Tormena; Carlos Edmundo Rodrigues Fontes; César Orlando Peralta Bandeira; Amaury José Teixeira Nigro; Marcos Victor Ferreira; Lia Yoneka Toda; Fabiana de Cássia Merenda

    2002-01-01

    Este estudo teve por objetivo comparar os efeitos do fio absorvível de polidioxanona com o fio inabsorvível de polipropileno, em anastomoses término-terminais, em artérias femorais de cães. Foram utilizados 20 cães, separados em dois grupos, para observação no 7º e no 30º dia de pós-operatório. Cada cão teve suas artérias femorais seccionadas e aproximadas em um lado com pontos separados de fio de polidioxanona 6-0, e no lado contralateral com o fio de polipropileno 6-0. A escolha do fio foi ...

  3. Detecção de hipertensão arterial em adolescentes através de marcadores gerais e adiposidade abdominal

    Diego G. D Christofaro

    2011-06-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A obesidade está ligada à hipertensão arterial (HA na infância. Entretanto, o papel da gordura como preditor de HA em adolescentes permanece desconhecido. OBJETIVO: Investigar a associação entre obesidade geral e abdominal com HA e identificar a sensibilidade e especificidade desses indicadores para detectar HA em adolescentes. MÉTODOS: A amostra consistiu em 1.021 adolescentes com idade de 10-17 anos. Os indivíduos foram classificados como normal, sobrepeso/obesidade, de acordo com as medidas do IMC, e como não-obeso com obesidade abdominal, de acordo com as medidas da circunferência da cintura (CC. A pressão arterial sistólica (PAS e diastólica (PAD foi avaliada através de um dispositivo oscilométrico. Regressão logística e curvas ROC foram usadas na análise estatística. RESULTADOS: A prevalência geral de HA foi 11,8% (13,4% em meninos e 10,2% em meninas. A prevalência de HA em meninos e meninas com sobrepeso/obesidade foi 10% e 11,1%, respectivamente. A prevalência de HA em meninos com obesidade abdominal foi 28,6%. Para ambos os sexos, o odds ratio (OR para HA foi mais alto na obesidade abdominal do que no sobrepeso/obesidade geral (4,09 [OR IC95% = 2,57-6,51] versus 1,83 [OR IC95% = 1,83-4,30]. O OR para HA foi mais alto quando sobrepeso/obesidade geral e obesidade abdominal estavam agrupados (OR = 4,35 [OR IC95% = 2,68 -7,05], do que quando identificados como sobrepeso/obesidade geral ou obesidade abdominal apenas (OR = 1,32 [OR IC95% = 0,65- 2,68]. Entretanto, ambos os tipos de obesidade apresentavam baixo poder preditivo na detecção de HA. CONCLUSÃO: Obesidade geral e obesidade abdominal foram associadas com HA; entretanto, a sensibilidade e especificidade dessas variáveis na detecção de HA são baixas em adolescentes brasileiros.

  4. Doença cardiovascular e fatores de risco cardiovascular em candidatos a transplante renal Cardiovascular disease and risk factors in candidates for renal transplantation

    Luís Henrique Wolff Gowdak

    2005-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Determinar a prevalência de doença cardiovascular (DCV e de fatores de risco tradicionais em portadores de insuficiência renal crônica em avaliação para inclusão em lista para transplante renal. MÉTODOS: Foram submetidos à avaliação clínica e exames complementares 195 pacientes com insuficiência renal crônica dialítica e comparados a grupo de 334 hipertensos pareados por idade. As equações de Framingham foram usadas para o cálculo do risco absoluto (RA; o risco relativo (RR foi calculado tendo como referência o risco absoluto da coorte de baixo risco de Framingham. RESULTADOS: Do total, 37% apresentaram algum tipo de doença cardiovascular na avaliação inicial, sendo que arteriopatia obstrutiva (23% foi a mais prevalente. Excluídos os pacientes com doença cardiovascular, em relação aos fatores de risco tradicionais, houve diferença significativa quanto à pressão arterial sistólica e colesterol total (maiores no grupo de hipertensos e às prevalências de homens, diabetes e tabagismo, maiores no grupo de insuficiência renal crônica, que apresentou maior grau de hipertrofia ventricular esquerda, menor pressão arterial diastólica e menor prevalência de história familiar de doença cardiovascular e obesidade. O risco relativo para doença cardiovascular dos pacientes com insuficiência renal crônica foi mais elevado em relação à população controle de Framingham porém não diferiu da observada no grupo de hipertensos. CONCLUSÃO: Em candidatos a transplante renal é significativa a prevalência de doença cardiovascular e de fatores de risco tradicionais; as equações de Framingham não quantificam adequadamente o risco cardiovascular real e outros fatores de risco específicos desta população devem contribuir para o maior risco cardiovascular.OBJECTIVE: To determine the prevalence of cardiovascular disease (CVD and traditional risk factors in patients with chronic renal failure undergoing

  5. Exercício físico em portadores de hipertensão arterial: uma análise conceitual

    Guedes, Nirla Gomes; Universidade Federal do Ceará; de Oliveira Lopes, Marcos Venícios; Universidade Federal do Ceará

    2010-01-01

    No tratamento da hipertensão arterial, o exercício físico tem sido apontado como uma das principais medidas não farmacológicas. O objetivo do estudo foi analisar o conceito de exercício físico em portadores de hipertensão arterial, identificando os possíveis atributos críticos e os fatores antecedentes e consequentes. O estudo seguiu a metodologia da análise conceitual e da revisão integrativa de artigos científicos pertinentes à temática do estudo. Como atributos críticos foram identificados...

  6. Cambios de la presión intraocular en pacientes con hipertensión arterial

    G. Tenorio-Guajardo

    2014-07-01

    Conclusiones: En este estudio se encontró correlación entre presión intraocular y la presión arterial diastólica, pero no se encontró correlación entre la sistólica. Es recomendable vigilar la presión intraocular en pacientes hipertensos, especialmente en aquellos con hipertensión diastólica persistente y con antecedentes familiares de glaucoma.

  7. Prevalência de consumo alimentar entre hipertensos e diabéticos na cidade de Nova Boa Vista, Rio Grande do Sul, Brasil, 2013

    Kelli Destri

    Full Text Available Resumo OBJETIVO: descrever o consumo alimentar em uma população de hipertensos e diabéticos de uma cidade do sul do Brasil. MÉTODOS: estudo transversal descritivo, realizado na cidade de Nova Boa Vista-RS, Brasil, entre junho e setembro de 2013; dados sobre consumo alimentar foram coletados utilizando-se o questionário do Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional (SISVAN, a adequação foi baseada no Guia Alimentar para a População Brasileira de 2008. RESULTADOS: foram incluídos 422 participantes (≥18 anos de idade; os alimentos que tiveram maior frequência de consumo recomendada foram salada crua (60,7%, frutas (73,0%, lácteos (61,4%, frituras (57,3%, salgados (66,4% e refrigerantes (76,3%; embutidos e doces foram os alimentos que tiveram maior frequência de consumo não recomendado, 34,8% e 23,9% respectivamente; a prevalência de consumo semanal recomendado de frutas foi 19% maior entre mulheres (p=0,004. CONCLUSÃO: o consumo alimentar na população do estudo parece estar de acordo com as frequências recomendadas, especialmente entre mulheres.

  8. Pressão arterial de 24 horas em mulheres idosas normotensas e com hipertensão do avental branco

    Hekman, Paulo Rogério W.; Barbisan, Juarez N.; Menezes, Honório S.; Antonello, Vicente

    2010-01-01

    FUNDAMENTO: Mudanças no comportamento do ritmo circadiano podem ser deletérias, levando à lesão de órgãos-alvo, o que sugere ser de importante significado prognóstico e, eventualmente, podem também demandar intervenção terapêutica. OBJETIVO: Descrever e comparar os ritmos circadianos de pressão arterial (PA) entre mulheres idosas normotensas e portadoras de hipertensão do avental branco (HAB). MÉTODOS: Estudo transversal em uma amostra de 36 pacientes, com idades entre 60-83 anos, submetidas ...

  9. Vascularização arterial dos cornos uterinos em gatas gestantes sem raça definida (Felis catus Linnaeus, 1758

    Rosana Marques Silva

    2004-02-01

    Full Text Available Utilizaram-se 24 gatas gestantes, sem raça definida, doadas para o estudo da vascularização arterial dos cornos uterinos. Em 20 animais, com o intervalo gestacional entre 7 e 9 semanas, a aorta abdominal foi injetada com Látex-Neoprene 650 corado, associado ao Sulfato de Bário 1004. Os animais foram então radiografados, fixados em solução aquosa de formol 10% e dissecados para estudo da distribuição dos vasos arteriais destinados às regiões paraplacentárias e de cintas placentárias. Em 4 animais realizou-se o exame por Ecografia Power Doppler, onde se observou que nas regiões das cintas placentárias o índice de resistência dos vasos apresenta-se menor do que o encontrado ao longo da artéria uterina. Em todas as observações, a artéria uterina é o principal vaso a irrigar os cornos uterinos, emitindo de 2 a 17 ramos, com maior freqüência de 5 a 12 ramos, os quais se distribuem nas regiões paraplacentárias e/ou das cintas placentárias, formando arcadas anastomósticas. Não houve diferenças estatísticas significativas do número de ramos para cada região individualmente, porém a análise das radiografias contrastadas demonstrou haver uma concentração maior de contraste nas regiões das cintas placentárias. A artéria ovárica participa da vascularização arterial da extremidade cranial dos cornos uterinos, onde se anastomosa com ramos da artéria uterina.

  10. Imaging findings and cerebral perfusion in arterial ischemic stroke due to transient cerebral arteriopathy in children; Achados de imagem e perfusao arterial cerebral em acidente vascular cerebral isquemico devido a arteriopatia transitoria em crianca

    Barbosa Junior, Alcino Alves, E-mail: alcinojr@uol.com.br [Departamento de Diagnostico por Imagem, Hospital Israelita Albert Einstein - HIAE, Sao Paulo, SP (Brazil); Ellovitch, Saada Resende de Souza [Neuropediatria, Hospital Israelita Albert Einstein - HIAE, Sao Paulo, SP (Brazil); Pincerato, Rita de Cassia Maciel [Hospital Samaritano, Sao Paulo, SP (Brazil)

    2012-04-15

    We report the case of a 4-year-old female child who developed an arterial ischemic stroke in the left middle cerebral artery territory, due to a proximal stenosis of the supraclinoid internal carotid artery, most probably related to transient cerebral arteriopathy of childhood. Computed tomography scan, magnetic resonance imaging, perfusion magnetic resonance and magnetic resonance angiography are presented, as well as follow-up by magnetic resonance and magnetic resonance angiography exams. Changes in cerebral perfusion and diffusion-perfusion mismatch call attention. As far as we know, this is the first report of magnetic resonance perfusion findings in transient cerebral arteriopathy. (author)

  11. Relação da pressão sistólica em artéria pulmonar com gênero, menopausa e gravidez em portadores de hipertensão arterial pulmonar associada à esquistossomose

    Anderson C. Armstrong

    2013-08-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A hipertensão arterial pulmonar associada à esquistossomose (HPAE é uma grande preocupação no mundo todo. No entanto, o papel de fatores contribuintes específicos do gênero em HPAE é desconhecido. OBJETIVO: Investigamos os valores da pressão arterial pulmonar sistólica (PAPS e a presença de elevação grave na PAPS relacionado ao gênero, presença de menopausa e histórico de gravidez em pacientes com HPAE. MÉTODOS: Setenta e nove pacientes diagnosticados com HPAE de 2000 a 2009 foram avaliados e 66 foram incluídos no estudo. As informações referentes à idade, status da menopausa, gravidez, PAPS derivada da ecocardiografia, e pressão arterial pulmonar média invasiva (PAPm foram coletadas de registros médicos. A relação entre os valores de PAPS e PAPm e a correlação para doença grave foram avaliados. Os modelos de regressão avaliaram a associação de gênero, status da menopausa e histórico de gravidez com valores de PAPS e a presença de PAPS severa. RESULTADOS: Houve correlação moderada entre PAPm e PAPS, com boa concordância para classificação de doença grave. Os valores de PAPS foram semelhantes para homens e mulheres. Uma tendência a valores maiores de PAPS foi encontrada para mulheres não menopausadas em comparação a homens. Valores superiores de PAPS foram encontrados para mulheres menopausadas em comparação a mulheres não menopausadas; os valores não foram significativos após o ajuste de idade. O histórico de gravidez não teve relação com a PAPS. Presença de menopausa e passado de gravidez não mostraram associação com valores de PAPS. CONCLUSÃO: Em pacientes com HPAE, nem o gênero, nem o status da menopausa nem o histórico de gravidez apresentou uma correlação independente com valores de HPAE avaliados pela ecocardiografia.

  12. Nueva metodología para probar el sistema nervioso autónomo en individuos hipertensos A new methodology by testing the autonomic system activity in hypertensive individuals

    Daniel A. Botero-Rosas

    2010-12-01

    Full Text Available Introducción y objetivo: Actualmente el Sistema Nervioso Autónomo está siendo apuntado como un factor importante en la génesis y desarrollo de la hipertensión arterial sistémica. Por esto, objetivamos estudiar el Sistema Nervioso Autónomo en esta patología, a través de una nueva metodología que utilice la frecuencia cardiaca Metodología: 45 sujetos fueron seleccionados (12 hipertensos y 33 sanos para verificación de la presión arterial y frecuencia cardiaca a cada latido (2,5 min en reposo y 2,5 min después del ortostatismo. Falsos valores fueron retirados de las series temporales para posterior interpolación, debido a la falta de periodicidad de los latidos cardiacos. Posterior submuestro a 10Hz fue realizado y un filtro que respeta la frecuencia cardiaca fue aplicado. Análisis espectral en las series temporales fue realizado para posterior estimación de medianas y cuartiles. Finalmente, test de hipótesis con Wilcoxon rank sum test para verificar diferencias estadísticas entre grupos fue realizado. Resultados: Las medianas de las potencias porcentuales en las altas frecuencias, pre y post maniobra, de sanos fueron ligeramente inferiores pero no estadísticamente significativas al compararlas con los hipertensos (sanos: 42,69 y 32,39, hipertensos: 46,91 y 33,99. De otro lado, el mismo estimador en las bajas frecuencias fue levemente superior en sanos (sanos: 57,30 y 67,60 e hipertensos: 53,09 y 66. Adicionalmente, la diferencia en la respuesta autonómica de los hipertensos no fue significativa (p>0,01 mientras que en los sanos esto si ocurrió. Conclusiones: El método ha demostrado potencial para identificar disfunción del autónomo en hipertensión. También se confirma una activación del simpático disminuida en sujetos hipertensos cuando se realiza una maniobra ortostática. Salud UIS 2010; 42: 240-247Introduction and objective: Currently the Autonomous Nervous System has been considered as an important factor in the

  13. Fatores de risco para doença arterial coronariana em pacientes admitidos em unidade de hemodinâmica Factores de riesgo para enfermedad arterial coronaria en pacientes de una unidad de hemodinamia Risk factors for coronary artery disease in patients admitted in hemodynamics unit

    Maria Karolina Echer Ferreira Feijó

    2009-12-01

    Full Text Available O estudo transversal objetivou identificar os fatores de risco (FR para doença arterial coronariana (DAC em pacientes submetidos a procedimentos cardíacos em unidade de hemodinâmica. Incluíram-se 302 pacientes com idade de 62±11 anos, predominantemente brancos 270 (89% e do sexo masculino 172 (57%. O FR de maior prevalência foi o sedentarismo 227 (75%, seguido de hipertensão 220 (73%, dislipidemia 150 (50,5%, obesidade 87 (29%, diabetes mellitus 81 (27%, tabagismo 77 (25,5%, consumo de álcool 67 (22% e alimentação pobre em frutas e verduras 15 (5%. A correlação entre o número de FR e as variáveis - escolaridade, renda, idade, estado civil, atividade profissional e sexo -, além do número de procedimentos a que foram submetidos, comparado àqueles que apresentavam número superior a cinco FR para DAC, não foi significativa; no entanto, existe uma associação positiva, reforçando a importância de estratégias que visem à diminuição ou eliminação dos FR modificáveis.Estudio transversal cuyo objetivo fue evaluar la prevalencia de factores de riesgo (FR para enfermedad arterial coronaria (EAC en pacientes sometidos a procedimientos cardíacos en una unidad de hemodinamia. Se incluyeron 302 pacientes de 62±11 años, predominantemente blancos (270, 89% y de sexo masculino (172, 57%. El FR más prevalente fue sedentarismo (227, 75%, seguido de hipertensión (220, 73%, dislipidemia (150, 50.5%, obesidad (87, 29%, diabetes mellitus (81, 27%, tabaquismo (77, 25.5%, consumo de alcohol (67, 22% y alimentación pobre en frutas y verduras (15, 5%. La correlación entre el número de FR y las variables analizadas (escolaridad, salario mínimo, edad, estado civil, actividad profesional y sexo, además del número de procedimientos a los que fueron sometidos comparados con aquellos que presentaban más que cinco FR para EAC, no fue significativo; sin embargo, existe una asociación positiva, reforzando la importancia de estrategias que

  14. Manejo da hipertensão arterial na isquemia cerebral aguda Management of arterial hypertension in patients with acute ischemic stroke

    WALTER JOSÉ FAGUNDES-PEREYRA

    1999-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o nível de conhecimento dos médicos, através de sua conduta, em paciente com quadro de hipertensão arterial na fase aguda da isquemia cerebral. Também comentamos as principais condutas nesta fase, com ênfase na tensão arterial (TA. MÉTODO: Foram entrevistados 120 médicos da clínica médica e da cirurgia geral, em dez dos maiores Hospitais de Belo Horizonte, em 1997. Todos responderam a um questionário contendo um caso clínico de paciente hipertenso leve, admitido com quadro de isquemia cerebral e tensão arterial de 186x110 mmHg. Os profissionais deveriam optar por reduzir, aumentar ou manter a TA. RESULTADOS: Dos entrevistados, 38 (31,7% responderam que reduziriam os níveis tensionais, 82 (68,3% optaram pela manutenção e nenhum aumentaria (pPURPOSE: We aimed with study to assess the current clinical practice about the management of high blood pressure in patients in the acute phase of ischemic stroke. We also comment some topics of ischemic stroke treatment. METHODS: A case report of a patient admitted 8 hours after onset of ischemic stroke and with blood pressure of 186x110 mmHg was presented to 120 surgeons and clinician. They were asked to decide the best therapeutic option: to increase, decrease or maintenance blood pressure. RESULTS: Thirty-eight physicians (31,7% considered decreasing blood pressure the best therapeutics, 82 (68,3% considered maintenance and none decided to increase it (p < 0.05. There was no difference between the two specialties conduct. The physicians, with more than 10 years of graduation, had a tendency to decrease the blood pressure (p <0.05. CONCLUSION: The maintenance of blood pressure may present a sufficient blood support to compensate brain flow. A high percentage of the physicians (31,7% do not know about the current concepts of therapeutics considering hypertension in acute ischemic stroke. The development on special units to treat these patients ("stroke units" may eventually

  15. Comparação da perviedade entre artéria radial e veia safena em pacientes em pós-operatório de cirurgia de revascularização miocárdica com retorno dos sintomas Comparison of patency between radial artery and saphenous vein in a coronary artery bypass grafting post operative with return of the symptoms

    Herbert Coelho Hortmann

    2010-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar a perviedade da artéria radial e veia safena em pacientes com retorno dos sintomas após cirurgia de revascularização do miocárdio (CRVM. MÉTODOS: Estudo retrospectivo. No período de janeiro de 1998 a dezembro de 2005, foram realizadas 469 CRVMs com o uso da artéria radial dentre os enxertos, no Hospital Vera Cruz, em Belo Horizonte/MG. Destes, 94 pacientes apresentaram alterações isquêmicas no pós-operatório recente ou tardio e foram reestudados com cineangiocoronariografia. Os enxertos foram divididos em três grupos: artéria torácica interna (ATI, artéria radial (AR e veia safena (VS, e foram estratificados segundo a gravidade das lesões: sem lesão grave (OBJECTIVE: To compare the radial artery and saphenous vein's patency in patients with recurrence of symptoms in a coronary artery bypass grafting (CABG. METHODS: Retrospective study. From January 1998 to December 2005, 469 CABGs were performed using the radial artery as a graft, in Vera Cruz Hospital in Belo Horizonte/ MG. Among the patients who underwent those surgeries, 94 presented ischemic changes in early or late postoperative period, which led them to be re-evaluated by coronary angiography. The grafts were divided in three groups: internal thoracic artery (ITA, radial artery (RA and saphenous vein (SV, and they were stratified according to the severity of injury: uninjured or patent (< 70%, severe obstruction (70 to 99% and occlusion. RESULTS: For the 94 patients in the study, 86 grafts of ITA, 94 of RA and 111 of SV were used. For the 86 ITA grafts, 73 (84.88% were found patent. For the 94 RA grafts, 55 (58.51% were found patent, and for the 111 SV grafts, 73 (65.76% were uninjured. A statistically significant difference (P= 0.001 was found between RA and SV grafts, with a higher patency found for VS graft. For the RA grafts, women presented a worse result concerning the RA patency (65.7% and 40.7%, with P = 0.006. Concerning coronary

  16. Hipertensão arterial sistêmica e anestesia Hipertensión arterial sistémica y anestesia Systemic hypertension and anesthesia

    Michelle Nacur Lorentz

    2005-10-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Devido à grande prevalência da hipertensão arterial sistêmica na população e a falta de consenso sobre que níveis pressóricos o anestesiologista deve aceitar para induzir uma anestesia para cirurgia eletiva, realizou-se uma revisão na literatura que trata da associação hipertensão arterial e anestesia. Considerando que a suspensão de uma cirurgia implica em gastos, o que torna a Medicina cada vez mais cara, e que, por outro lado, o ato anestésico deve ser realizado com a maior segurança possível, o objetivo desse trabalho foi analisar as evidências da literatura que possam nortear a prática clínica. CONTEÚDO: O artigo apresenta incidência e classificação da hipertensão arterial sistêmica além de relatar e comentar trabalhos relevantes que abordam a hipertensão arterial no paciente cirúrgico. CONCLUSÕES: Ainda não estão estabelecidos quais níveis máximos de pressão são compatíveis com uma cirurgia eletiva, sendo que, atualmente, os critérios para a suspensão da cirurgia no paciente hipertenso mal controlado são muito mais baseados em dados empíricos que em evidências. Existe uma tendência em postergar a cirurgia quando a PA é superior a 180/110 mmHg, mas cada caso deve ser analisado isoladamente, valorizando mais lesões em órgãos alvo que a pressão arterial propriamente dita.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Debido a la grande superioridad de la hipertensión arterial sistémica en la población y la falta de acuerdo sobre que niveles presóricos el anestesiologista debe aceptar para inducir una anestesia para cirugía electiva, se realizó una revisión en la literatura que trata de la asociación hipertensión arterial y anestesia. Considerando que la suspensión de una cirugía implica en gastos, lo que hace la Medicina cada vez más cara, y que, por otro lado, el acto anestésico debe ser realizado con la mayor seguridad posible, la finalidad de ese trabajo fue analizar las

  17. Índice de massa corporal e hipertensão arterial em indivíduos adultos no Centro-Oeste do Brasil

    Nadia Mohamed Amer

    2011-01-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: O excesso de peso e a obesidade constituem importante problema de saúde pública na sociedade, devido ao crescimento em todas as faixas etárias e por sua associação a várias doenças crônicas, especialmente a hipertensão arterial. OBJETIVO: Investigar possíveis fatores associados às alterações no índice de massa corporal (IMC. MÉTODOS: Estudo desenvolvido em Nova Andradina - Mato Grosso do Sul, com 369 indivíduos cadastrados no programa Estratégia Saúde da Família no ano de 2007. Os dados foram coletados nos domicílios, por meio de entrevista semiestruturada e avaliação antropométrica. Na análise dos dados, foram utilizados os testes qui-quadrado e Mantel Haensel, para respostas categóricas, e ANOVA e Tukey, para as contínuas. RESULTADOS: As prevalências de sobrepeso e obesidade foram de 33,3% e 23,0%, respectivamente. Em sua maioria, os indivíduos apresentavam as seguintes características: sexo feminino (85,4%, inativos (89,7%, relação cintura-quadril (RCQ inadequada (83,7% e portavam algum problema de saúde crônico (31,9%, especialmente a hipertensão arterial. Os fatores de risco para sobrepeso e obesidade podem ser relacionados às variáveis estado civil viúvo, RCQ inadequada, renda mais baixa e problemas de saúde. Já a hipertensão arterial pode ser associada apenas à obesidade. CONCLUSÃO: O percentual de pessoas que se encontravam acima do peso e daquelas que não praticavam atividade física em Nova Andradina indica que essas questões constituem desafio importante para o setor saúde também nas pequenas cidades. Por isso, é premente a implantação de programas de intervenção multidisciplinares no âmbito da atenção básica.

  18. Fatores para não-adesão ao programa de controle da hipertensão arterial em Campo Grande, MS

    Lia Lusitana Cardozo Castro

    2010-06-01

    Full Text Available A adesão ao tratamento farmacológico em doenças crônicas como a hipertensão arterial, é fundamental para o controle, prevenção de complicações e diminuição da mortalidade. Identificar os fatores que levam a não adesão ao programa de controle de hipertensão arterial, em Unidades Básicas de Saúde de Campo Grande, MS e produzir um modelo de predição desta condição foi o objetivo do presente estudo. Utilizou-se o método de caso-controle, aninhado a coorte de pacientes cadastrados no programa, no período de 2002 a 2005. Foi utilizada regressão logística tendo como variável-resposta ‘adesão ao programa’. As associações significativas identificadas na análise univariada foram: características socioeconômicas, da doença, do tratamento e as relacionadas ao programa. Para prever a adesão, mantiveram-se no modelo as seguintes variáveis: dificuldade em ir ao programa, renda familiar, presença de diabetes, escolaridade e viver com companheiro. Com base no modelo, a probabilidade do paciente ser classificado corretamente como aderente, é de aproximadamente, 80% e como não aderente, 67%. O modelo identifica precocemente, pacientes vulneráveis à não adesão ao programa propiciando que este institua medidas voltadas aos prováveis, não aderentes. Palavras-chave: Hipertensão arterial. Programa de controle da hipertensão. Estudo caso-controle. Modelo de predição. Farmacoepidemiologia. ABSTRACT Factors for nonadherence to the Arterial Hypertension Control Program in Campo Grande, MS, Brazil Introduction: Adherence to the pharmacological treatment of chronic diseases such as arterial hypertension is decisive in their control, in preventing complications, and in decreasing mortality rates. Objective: To identify factors that led patients to drop out of an arterial hypertension control program available at local district clinics of the government-run National Health Service in Campo Grande, MS, Brazil, and to design a

  19. Resultados atuais da cirurgia coronária em pacientes de alto risco Currente results for coronary artery bypass for high risk patients

    Pedro R Salerno

    1988-04-01

    Full Text Available No período e 4 anos (1984 a 1987, 427 pacientes (313 homens e 114 mulheres, idade média 61,83 anos foram submetidos a cirurgia coronária de emergência. A indicação para cirurgia foi angina instável, que requeria uso intravenoso de nitroglicerina. Quanto à classe funcional, 369 (86,41% pacientes estavam em classe IV e 51,95% estavam em grau funcional III ou IV de ventrículo esquerdo, pelo estudo hemodinâmico e 30,44% tinham lesão de tronco. Foram realizadas 2,99 pontes/pacientes. A mortalidade total foi de 7,72% e 17,09% tiveram síndrome de baixo débito; déficit neurológico ocorreu em 2,85% e infarto do miocárdio, em 16,86% dos casos. Durante o mesmo período, 30 pacientes (16 do sexo masculino e 14 do feminino com idade média de 64,03 anos, com amgina instável e em choque cardiogênico, foram submetidos a revascularização de emergência. Quanto à classe funcional, 86,66% estavam em classe IV, 13,33% em classe III e 56,66% estavam em grau funcional IV de ventrículo esquerdo e 13,33% em grau III; 40% dos pacientes tinham lesão de tronco. O número médio de pontes foi de 2,76 pontes/pacientes. A mortalidade foi de 60%; déficit neurológico ocorreu em 16,66% e 43,33% sofreram infarto do miocárdio. Em conclusão, a mortalidade e a morbidade, para pacientes submetidos a cirurgia de revascularização, permanecem elevadas, principalmente, em pacientes com choque cardiogênico. Portanto, mais estudos futuros são requeridos em relação à proteção miocárdica, para melhores resultados.In a 4 year period (1984-1987 427 patients (313 males and 114 females, mean age 61.83 years underwent emergency aorto-coronary bypass procedures. Indications for surgery were unstable angina, requiring intravenous nitroglycerine. 369 patients (86.41% were class IV NYHA classification and 51.99% were grade III or IV ventricles. 30.44% had main left coronary stenosis. Mean number of grafts was 2.99%. Overall mortality was 7.72% and 17.09% had low

  20. Arterial hypertension and metabolic profile in patients with polycystic ovary syndrome Hipertensão arterial e perfil metabólico em pacientes com síndrome dos ovários policísticos

    Renata do Sacramento Monte de Oliveira

    2013-01-01

    Full Text Available PURPOSE: To evaluate parameters related with arterial pressure and metabolic profile in women with polycystic ovary syndrome (POS. METHODS: This monocentric study at the University Hospital Endocrinology Section included 60 women aged 18-45 years, 42 being diagnosed with POS and acting as 18 controls. All women were subjected to transvaginal ultrasound and monitored for arterial pressure for 24 h in the ambulatory (MAP. Venous blood samples were taken between 07.00 and 09.00, after 12 h fasting. Basal (BG and fasting glucose concentrations, total cholesterol and its fractions, triglycerides and insulin (to calculate the homeostatic assay insulin-resistance, HOMA-IR were measured. Collected data were the mean arterial blood pressure (24-h awake/sleep cycle, arterial pressure nocturnal descensus, glycemia and fasting glucose for HOMA-IR, and lipid profile. The Student's t test was used to compare homogeneous variables; the Mann-Whitney test was used to compare non-homogeneous variables; the Pearson's correlation coefficient was used to search for correlation between the variables. The c² test was used for comparison of the absence of nocturnal descensus. Significance was taken as pOBJETIVO: Avaliar os parâmetros relacionados com a pressão arterial e o perfil metabólico em portadoras de SOP. MÉTODOS: Estudo monocêntrico aberto no qual foram avaliadas 60 mulheres em idade fértil, entre 18 e 45 anos, sendo que 42 mulheres preenchiam os critérios diagnósticos para SOP, e 18 que não preenchiam critérios formaram o Grupo Controle. Todas as mulheres foram submetidas a ultrassonografia transvaginal e a monitorização ambulatorial da pressão arterial por 24 horas (MAPA. Amostras de sangue venoso foram coletadas entre 7h00min e 9h00min, após jejum prévio de 12 horas, sendo medidos glicose de jejum ou basal (GB, colesterol total e frações, triglicerídeos e insulina (para cálculo do HOMA-IR. Dados coletados: valores médios de press

  1. Vascularização arterial da glândula mamária em caprinos sem raça definida (Capra hircus, Linnaeus, 1758

    Luiz Carlos Rosemberg

    2000-01-01

    Full Text Available Estudamos a distribuição e o arranjo vascular arterial dos ramos à glândula mamária em 30 caprinos sem raça definida, adultos, oriundos dos estados do Ceará e Minas Gerais, mediante a análise de esquemas de modelos obtidos pela injeção de látex "neoprene" 450, fixação em formol a 10% e dissecção. O suprimento sangüíneo de cada metade do úbere faz-se pela A. pudenda externa, complementado por conexões com ramos das Aa. pudenda interna e torácica interna. Próximo ao úbere a A. pudenda externa curva-se cranialmente, emite o ramo mamário superficial, torna-se A. mamária até a sua bifurcação; emite ainda ramos aos linfonodos mamários e à região labial ventral da vulva. Ao penetrar na glândula a A. mamária bifurca-se dando origem às Aa. mamárias cranial e medial que enviam diversos ramos à glândula em geral e pele da região. A A. mamária cranial percorre cranialmente a parede abdominal ventral como A. epigástrica caudal superficial. Não existem diferenças significativas entre os arranjos vasculares dos dois antímeros da mama. Ocorrem anastomoses entre as Aa. mamárias mediais e seus ramos. Fizemos uma análise comparativa do nosso trabalho em relação a outros estudos a respeito da irrigação da glândula mamária em ruminantes.

  2. ACESSIBILIDADE DO USUÁRIO HIPERTENSO À UNIDADE DE SAÚDE E ADESÃO AO TRATAMENTO

    Natasha Marques Frota

    2013-01-01

    Full Text Available El objetivo fue analizar la accesibilidad de usuario hipertenso a servicios de salud con enfoque en la adherencia al tratamiento. Estudio transversal, cuantitativo, en cuatro Unidades Primarias de Salud de la Familia de Fortaleza-CE, Brasil. Muestra de 400 usuarios. La recogida de los dados ocurrió a través de formulario, de mayo a agosto de 2011. Cerca de 97,5% usuarios tenían más de 40 años y de estos 67,2% eran mujeres. La accesibilidad al servicio ocurrió en 47,2% en la atención secundaria, de los cuales 101 (25,2% fueron remitidos a las Unidades de Emergencia y 88 (22,0% en Unidades de Internación. La mayoría de los hipertensos adhiere bien a hábitos saludables, excepto en el uso de edulcorantes dietéticos (36,0% y ejercicio físico (35,0%. Los hipertensos presentaran buena adherencia al tratamiento y dificultad de accesibilidad no que se refieren a la contra-referencia de servicios de atención secundaria y terciaria.

  3. Arterial hypertension: sociodemographic profile and comorbidities of patients from northwest Paraná State, Southern Brazil = Hipertensão arterial: perfil sociodemográfico e comorbidades de pacientes da região Noroeste do Paraná, Sul do Brasil

    Mônica Lúcia Gomes

    2012-07-01

    Full Text Available The systemic arterial hypertension (SAH currently a major public health problem, presents high medical and socioeconomic costs, and occurs concurrently with other diseases, of infectious origin or not. This study aimed to describe the sociodemographic profile of hypertensive patients with or without co-morbidities assisted in a health reference centre in a municipality of the northwest of the Paraná State, Southern Brazil. We gathered data from 250 medical records, concerning age, gender, race, marital status, educational level, professional duties, place of origin, reasons for seeking the services, occurrences of co-morbidities, and duration of systemic arterial hypertension. SAH occurred more often in the age group of 60-69 years old. The female gender was significantly different from the male. We observed the predominance of married (60.0%, Caucasian (76.0%, with fundamental level of education (54.4%, housewife (39.6%, living in neighborhood towns (58.0%, born in other regions than the Southern Brazil and have seek the service mainly for reasons not related to hypertension (p A hipertensão arterial sistêmica (HAS, atualmente um dos principais problemas de saúde pública, apresenta custos médicos e socioeconômicos elevados e ocorre concomitantemente com outras doenças, de origem infecciosa ou não. Este trabalho teve como objetivo descrever o perfil sociodemográfico e comorbidades de pacientes hipertensos atendidos em um centro de referência em saúde em município da região Noroeste do Paraná, Sul do Brasil. De 250 prontuários foram coletados dados referentes à idade, sexo, raça, estado civil, escolaridade, atividade profissional, procedência, naturalidade, motivo da procura pelo serviço, ocorrência de comorbidades e tempo da HAS.A HAS teve maior frequência na faixa etária de 60-69 anos. O gênero feminino foi significativamente diferente do masculino. Foram predominantes os casados (60,0%, da raça branca (76,0%, com

  4. Análise de indicadores de risco para hipertensão arterial em crianças e adolescentes Análisis de indicadores de riesgo para la hipertensión arterial en niños y adolescentes Analysis of risk indicators for the arterial hypertension in children and teenagers

    Thelma Leite de Araújo

    2008-03-01

    Full Text Available O objetivo da pesquisa foi avaliar os indicadores de risco para a hipertensão arterial em crianças e adolescentes. Estudo transversal desenvolvido com 342 indivíduos de seis a 18 anos de uma escola da cidade de Fortaleza (CE. A maioria eram homens (51,5%. A média de idade foi 11,73 anos ( 3,19. Foram freqüentes os escolares com sobrepeso / obesidade (16,8% e com pressão arterial acima do percentil 90 (44,7%. Sedentarismo, tabagismo e etilismo estiveram presentes em 51,5%, 38% e 15,5% dos avaliados. A pressão arterial sistólica esteve correlacionada com as variáveis: idade, peso, estatura, perímetros da cintura e do quadril, prega subescapular e Índice de Massa Corporal. Houve correlação da pressão arterial diastólica com idade, peso, estatura, perímetros da cintura e do quadril. Confirma-se a influência de fatores de risco sobre os valores da pressão arterial em jovens. A pressão arterial sistólica foi especialmente influenciada por indicadores antropométricos.El objetivo de la investigación fue evaluar los indicadores de riesgo para la hipertensión arterial en niños y adolescentes. Se trata de un estudio transversal desarrollado con 342 individuos de seis a dieciocho años de una escuela de la ciudad de Fortaleza (CE. La mayoría eran hombres (51,5%. El promedio de edad fue de 11,73 años ( 3,19. Fueron frecuentes los escolares con sobre peso / obesidad (16,8% y con presión arterial encima del percentil 90 (44,7%. Sedentarismo, tabaquismo y etilismo estuvieron presentes en el 51,5%, 38% y 15,5% de los evaluados. La presión arterial sistólica presentó correlación con las variables: edad, peso, estatura, perímetros de la cintura y de la cadera, pliegue subescapular e Índice de Masa Corporal. Se identificó correlación de la presión arterial diastólica con la edad, peso, estatura, perímetros de la cintura y de la cadera. Se confirma la influencia de factores de riesgo sobre los valores de la presión arterial en

  5. Utilização da artéria radial como segundo enxerto arterial em pacientes acima de 70 anos The use of the radial artery as the second choice for arterial graft in patients over 70 years of age

    Joseph Fredric Whitaker

    2005-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estudo retrospectivo para avaliar a morbi-mortalidade e a evolução hospitalar em pacientes com idade superior a 70 anos, submetidos à operação de revascularização do miocárdio com utilização da artéria radial como segundo enxerto arterial. MÉTODO: No período de agosto de 1994 a dezembro de 2002, foram realizadas 2487 cirurgias de revascularização do miocárdio no Instituto do Coração de Juiz de Fora. Dentre os pacientes operados, 476 tinham idade superior a 70 anos, sendo que em 36 (Grupo II foi utilizada a artéria radial como 2º enxerto arterial. O mesmo tipo de cirurgia foi realizado em 142 pacientes com idade inferior a 70 anos (Grupo I. Não foram incluídas neste estudo reoperações, cirurgias sem CEC ou com procedimentos associados. RESULTADOS: A média de idade do Grupo II foi 72,5 anos, a mortalidade hospitalar neste grupo de pacientes foi 6,0%, a incidência de complicações também foi baixa, comparável à observada no mesmo tipo de operação realizada em pacientes com idade inferior a 70 anos. CONCLUSÃO: Diante destes resultados, os autores acreditam que a artéria radial possa ser usada com segurança como 2º enxerto arterial em pacientes acima de 70 anos, criteriosamente selecionados, apesar do maior risco de co-morbidades associadas nesta faixa etária.OBJECTIVE: Retrospective study eveluating the morbid-mortality and hospital behaviour in patients over 70-years -od patients submitted to myocardial revascularization involving the radial artery as the second arterial graft. METHOD: During the period of August 1994 to December 2002, 2487 cases of myocardial revascularization were performed by the group of the Juiz de Fora Heart Institute, 476 of whom were 70 years of age or older and 36 (Group II received the radial artery as the second arterial graft. The same type of surgery was performed in 142 patients under 70-year-old (Group I. Reoperations, off-pump operations (OPCAB or associated procedures

  6. A produção do cuidado a usuários com hipertensão arterial e as tecnologias em saúde

    Flavia Pedro dos Anjos Santos

    2013-02-01

    Full Text Available Objetivou-se com este trabalho analisar a utilização da tecnologia das relações na produção do cuidado a usuários com hipertensão arterial. Trata-se de estudo qualitativo, realizado em oito Unidades de Saúde da Família de Jequié-BA. Os sujeitos do estudo foram formuladores da política, profissionais de saúde e usuários, totalizando dezesseis informantes. Em 2010, realizou-se entrevista semiestruturada, observação sistemática e análise documental. Para apreciação dos dados utilizou-se análise de conteúdo temática. Os resultados evidenciaram que os profissionais, sobretudo enfermeiros e agentes comunitários de saúde, utilizam tecnologias leves na busca da integralidade. Por outro lado, alguns profissionais demonstraram prática biologicista, com ênfase em normas e procedimentos. Conclui-se que há necessidade de mudança na interação entre trabalhador e usuário, considerando-se a singularidade e a autonomia do usuário e família na construção de novas formas de cuidado.

  7. Intervenções em Dieta e Pressão Arterial na América Latina - Revisão Sistemática e Meta-Análise

    Caroline Cantalejo Mazzaro

    2014-04-01

    Full Text Available Fundamento: Pressão arterial elevada é o principal fator de risco para doenças cardiovasculares. Baixos índices de controle da pressão arterial em populações latino-americanas reforçam a necessidade de reunir evidências sobre terapias eficazes. Objetivo: Avaliar o efeito das intervenções de modificações de dietas sobre pressão arterial em populações latino-americanas. Métodos: Revisão sistemática. Foram pesquisadas diversas bases de dados (MEDLINE-PubMed, Embase, Cochrane Library, CINAHL, Web of Science, Scopus, SciELO, LILACS e BVS e realizada busca manual até abril de 2013. Foram incluídos estudos paralelos de intervenções em dieta em populações adultas da América Latina reportando pressão arterial (em mmHg antes e após a intervenção. Resultados: Dos 405 estudos encontrados, 10 ensaios clínicos randomizados foram incluídos e divididos em 3 subgrupos, de acordo com a dieta proposta como intervenção. Houve redução não significativa da pressão arterial sistólica nos subgrupos de substituição mineral -4,82 (IC 95%: -11,36 a 1,73 mmHg e padrões complexos -3,17 (IC 95%: -7,62 a 1,28 mmHg. Para a pressão arterial diastólica, com exceção do subgrupo de dietas hiperproteicas, todos os subgrupos apresentaram redução significativa, com -4,66 (IC 95%: -9,21 a -0,12 mmHg e -4,55 (IC 95%: -7,04 a -2,06 mmHg para substituição mineral e padrões complexos, respectivamente. Conclusão: A evidência disponível sobre os efeitos de alterações de dieta na pressão arterial em populações latino-americanas indica um efeito homogêneo, porém não significativo, para pressão arterial sistólica. Estudos maiores e com maior rigor metodológico são necessários para construção de evidência robusta.

  8. Pré-hipertensão arterial e pressão de pulso aumentada em adolescentes: prevalência e fatores associados Arterial prehypertension and elevated pulse pressure in adolescents: prevalence and associated factors

    Maria Luiza Garcia Rosa

    2006-07-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estimar a prevalência de pré-hipertensão e pressão de pulso aumentada em escolares, e verificar associação dessas duas condições com sexo, idade, maturidade sexual, obesidade e atividade física. MÉTODOS: Em amostra de 456 estudantes de 12 a 17 anos, de escolas públicas e privadas do bairro do Fonseca, Niterói-RJ, entre 2003 e 2004, mediu-se a pressão arterial em duas visitas, aplicou-se questionário e foram feitas medidas antropométricas. RESULTADOS: Trinta e nove (8,6% adolescentes apresentaram pré-hipertensão (PH e 13,4%, pressão de pulso (PP aumentada. Na análise bivariada, a PH mostrou associação significativa com sexo, idade e obesidade, com prevalência maior em meninos, naqueles de 15 a 17 anos, e nos obesos. A PP aumentada associou-se somente com o sexo - maior prevalência nos meninos. A maturidade sexual não mostrou associação com a PH ou PP aumentada. Na regressão logística, as associações se mantiveram, com razões de chance de prevalência de PH de 7,7 para sexo; 4,3 para idade e 4,6 para obesidade; e de PP aumentada, de 10,8 para sexo. A PP mostrou correlação positiva com a atividade física. O aumento da PP ocorreu com o aumento da pressão arterial sistólica. CONCLUSÃO: A PH e a PP aumentadas estão presentes em adolescentes em uma população com baixa prevalência de hipertensão, principalmente em meninos, indicando a necessidade de realização de estudos com desenhos prospectivos para examinar a persistência e o impacto dessas condições.OBJECTIVE: To estimate the prevalence of prehypertension and elevated pulse pressure in adolescents and assess the association between those two conditions and sex, age, sexual development, obesity and physical activity. METHODS: Anthropometrical data and blood pressure were measured in and a questionnaire was applied to 456 adolescents (aged 12 to 17 years recruited from public and private schools, in the Fonseca district, in the city of Niter

  9. Sildenafil no tratamento da hipertensão arterial pulmonar idiopática em crianças e adolescentes Sildenafil in the management of idiopathic pulmonary arterial hypertension in children and adolescents

    Edmundo Clarindo Oliveira

    2005-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Este artigo tem por objetivo relatar a experiência com o uso do sildenafil oral no tratamento de pacientes com hipertensão arterial pulmonar idiopática grave em classe funcional III e IV, sem resposta à terapia convencional e às provas de reatividade pulmonar. MÉTODO: Trata-se de estudo prospectivo, tipo de série de casos em que seis pacientes com diagnóstico de hipertensão arterial pulmonar idiopática foram tratados com sildenafil oral, com doses de 2 a 8 mg/kg/dia, divididas em quatro a seis vezes. Os pacientes foram submetidos a exame clínico, eletrocardiograma, ecocardiograma, tomografia do tórax, cintilografia de perfusão e ventilação pulmonar, estudos da coagulação, pesquisa de esquistossomose, doença do colágeno e de síndrome de imunodeficiência adquirida para afastar causas secundárias de hipertensão pulmonar. Todos os pacientes foram submetidos a cateterismo cardíaco para a realização das provas de reatividade pulmonar com óxido nítrico, O2 a 100% e nifedipina oral e ao teste de caminhada de 6 minutos nos pacientes em condições de realizá-lo. RESULTADOS: Todos eles apresentaram boa resposta, traduzida por melhora de, pelo menos, uma classe funcional, aumento da saturação sistêmica. Cinco pacientes apresentaram diminuição da relação da pressão sistólica pulmonar/pressão sistólica sistêmica e aumento da distância percorrida no teste de caminhada nos que a realizaram. Não foram observados efeitos colaterais em um tempo de seguimento de 4 a 36 meses. Um paciente apresentou morte súbita após a suspensão do medicamento. CONCLUSÕES: Os resultados sugerem que o sildenafil possa ser uma droga promissora no tratamento dos pacientes com hipertensão pulmonar idiopática, os quais devem ser conscientizados do risco da suspensão da medicação sem orientação médica.OBJECTIVE: This study aims to provide data on the use of oral sildenafil in patients in New York Heart Association

  10. Adolescencia e hipertensión arterial

    Gabriela Elizabeth Galarza Carrión

    2014-10-01

    Full Text Available Introducción: se desconocen las características demográficas y clínicas de la hipertensión arterial en niños y adolescentes en Guane. Objetivo: caracterizar la hipertensión arterial en adolescentes de 10-15 años en Guane en el año 2013. Material y método: se realizó una investigación observacional, descriptiva, transversal, con componente analítico en 360 niños de las edades mencionadas, en los que se comprobó: tensión arterial, índice de masa corporal, circunferencia de la cintura, tabaquismo y actividad física, todos con referencia a la edad y al sexo. Se resumieron las variables cualitativas en frecuencias absolutas y relativas porcentuales, y la asociación entre las mismas se midió mediante las pruebas de X² y Odds Ratio al 95 % de certeza. Resultados: hubo 175 normotensos en las edades 10-12 años, 8 pre-hipertensos y 9 hipertensos en el grupo de 13-15 años. Hubo prevalencia estadísticamente significativa (x² de normotensos en el sexo femenino (p = 0.008. La obesidad estaba incrementada más de 5 veces en los varones (p = 0,002 y en edades de 13-15 años. Existió un incremento significativo de hipertensos en el grupo de 13-15 años con aumento de la circunferencia abdominal (p<0,001. El tabaquismo estuvo significativamente aumentado entre los varones del grupo de 13-15 años, mientras que entre las niñas predominaba la actividad física ligera (p = 0.03. Conclusiones: la hipertensión arterial en niños aun con baja frecuencia de presentación muestra diferencias en cuanto a la edad y el sexo, con predominio en varones y en el grupo de 13-15 años.

  11. A hipertensão arterial e a família: a necessidade do cuidado familiar La hipertensión arterial y la familia: la necesidad del cuidado familiar Arterial hypertension in the family: the need for family care

    Mislaine Casagrande de Lima Lopes

    2009-06-01

    Full Text Available O estudo, de caráter qualitativo, foi desenvolvido no período de março a julho de 2007, em Maringá - PR, com o objetivo de compreender a experiência da família com a hipertensão arterial (HA, utilizando a Teoria Fundamentada nos Dados como referencial metodológico. Os informantes foram 14 famílias que convivem com diferentes estágios da HA. Os dados foram obtidos por meio de entrevistas abertas. Os resultados revelaram que a participação da família é um importante fator para o tratamento e controle da doença, e que esta atuação é diferenciada quando o indivíduo apresenta alguma dependência. Se ocorre dependência, há sobrecarga do cuidador; quando esta não existe, a participação da família é esporádica, resumindo-se em auxiliá-lo no tratamento medicamentoso e acompanhá-lo em visitas ao médico. Em alguns casos, outros membros familiares apresentam mudanças de hábitos relacionadas à alimentação e à prática de atividades físicas. Os resultados reforçam a necessidade de uma assistência ao hipertenso centrada na família.El estudio, de carácter cualitativo, fue desarrollado en el período de marzo a julio de 2007, en Maringá - PR, con el objetivo de comprender la experiencia de la familia con hipertensión arterial (HA. La Teoría Fundamentada en los Datos fue utilizada como marco metodológico. Los informantes fueron 14 familias que conviven con diferentes niveles de la HA. Los datos fueron obtenidos por medio de entrevistas abiertas. Los resultados revelaron que la participación de la familia constituye un importante factor para el tratamiento y control de la enfermedad y que esta actuación es diferenciada cuando el individuo presenta alguna dependencia. Si ocurre dependencia, aparece una sobrecarga para el cuidador; cuando esta no existe, la participación de la familia es esporádica, resumiéndose a auxiliarlo en el tratamiento medicamentoso y a acompañarlo en las visitas al médico. En algunos casos

  12. Adesão ao tratamento de idosos com hipertensão em uma unidade básica de saúde de João Pessoa, Estado da Paraíba = The adhesion to the treatment for old with arterial high blood pressure in basic unit of health of João Pessoa, Paraíba State

    Cinthia Souto Dourado

    2011-01-01

    Full Text Available A principal estratégia para evitar as complicações da hipertensão baseia-se nos tratamento medicamentoso e não medicamentoso. Porém o êxito ou fracasso terapêutico depende da adesão que, por sua vez, consiste no principal desafio. Por este motivo objetivou-se analisar a adesão ao tratamento medicamentoso e não medicamentoso por idosos hipertensos. Trata-se de um estudo descritivo, com 25 pacientes acima de 60 anos de idade, atendidos por uma unidade de básica de saúde em 2008, na cidade de João Pessoa, Estado da Paraíba. Com relação à adesão medicamentosa, 12 pacientes referem fazer uso correto da medicação prescrita, enquanto 13 deixaram de usá-la. Dentre os principais motivos para a não adesão ao tratamento medicamentoso, estavam o esquecimento (10, a ausência de sintomas (8 e a desmotivação (7, dentre outros. Considerando as variáveis não-medicamentosas, obteve-se o resultado de que apenas quatro foram considerados aderentes; 19 mostraram-se parcialmente aderentes e apenas 8% revelaram-se não aderentes. Quanto às dificuldades para seguir o tratamento, 12 dos entrevistados relataram seguir a dieta e as mudanças no estilo de vida. Os resultados obtidos indicam baixa adesão ao tratamento anti-hipertensivo e sugerem a implantação de estratégias que facilitem uma melhor adesão às medidas de controle da hipertensão.The principal strategy to avoid the complications of the high blood pressure is based on the medicamental treatment and not medicamentally. However the result or therapeutic failure depends on the adhesion that for his time consists of the principal challenge. Aimed analyze the adhesion to the medicamental treatment and not medicamentally for old with arterial high blood pressure. Study of thedescriptive, where 25 patients above 60 years in the unity of health, in 2008, in João Pessoa, Paraíba State. Regarding medicamental adhesion, 12 tells to do correct use of the medication whereas 13 stops

  13. ALTERAÇÃO DOS NÍVEIS DE PRESSÃO ARTERIAL EM UNIVERSITÁRIOS

    Luana Savana Nascimento de Sousa

    2015-01-01

    Full Text Available El objetivo fue evaluar los niveles de presión arterial en estudiantes y su relación con el nivel socioeconómico, estilo de vida y datos bioquímicos. Estudio descriptivo, transversal, desarrollado con 550 estudiantes de una universidad pública de Picos-PI, Brasil, en 2013. Se aplicó formulario con informaciones socioeconómicas, estilo de vida, medición de la circunferencia de la cintura, presión arterial, niveles de glucosa en suero en ayunas, triglicéridos y HDL-colesterol. Observaron altos niveles de presión arterial en 21,5% de los hombres y 2,2% de las mujeres, con representación significativa (p<0,0001. Hubo asociación estadísticamente significativa con tabaquismo (p<0,0001 y consumo de alcohol (p<0,0001, con presión arterial sistólica y diastólica, y también como para circunferencia de la cintura (p=0,0039. Así, para la calidad de vida en los próximos años, es preciso implementar medidas para promover cambios en el estilo de vida con adquisición de hábitos saludables.

  14. EFEITO DO CARBAZOCROMO (ADRENOPLASMA NO TRATAMENTO DE HIPOTENSÃO ARTERIAL PRODUZIDA POR HALOTANO EM CÃES

    Sílvia Elaine Rodolfo de Sá Lorena

    2008-12-01

    Full Text Available Halothane is one of the most used inhalation anesthetic, but produces cardiovascular depression, due to decreased cardiac output and peripheral vascular resistance. This study aimed to compare the effect of Lactated Ringer and 0,01% carbazochome (Adrenoplasmafor treatment of arterial hypotension produced by halotano in dogs. Anesthesia was induced with propofol and maintained with 1,3% of halothane.Dogs of group A received the infusion of Adrenoplasma and dogs of group B received the infusion of the Lactated Ringer. The infusuin rate was 20 ml/kg/hr in both groups during the anesthesia. All dogs were maintained under controlled ventilation. Heart rate, eletrocerdiogram, arterial blood pressure, expired CO2 concentration, tidal and minute volume, hemoglobin oxygen saturation, bleeding time and rectal temperature were observed before and 30 minutes after the anesthetic induction and at 15,30, 45 and 60 minutes after beginning of fluis. Sistolic and mean arterial blood pressure increased only in animals treated with Adrenoplasma when compared to the value observes immediately before the administration of fluids.Rectal temperature decreased in all animals. There was no difference in the bleeding time. Adrenoplasma may be used for treatment of the arterial hypotension due to halothane anesthesia in dogs.

  15. Influência dos barorreceptores e da pressão arterial na resposta cardíaca à hipertensão renovascular em ratos

    Kaleizu Teodoro Rosa

    2008-01-01

    No presente estudo, duas importantes situações foram abordadas no intuito de se melhor entender os mecanismos homeostáticos dos pressorreceptores na gênese da hipertrofia cardíaca em resposta à hipertensão renovascular: o efeito do tempo de clipe na artéria renal e o efeito dos níveis pressóricos e da variabilidade da pressão arterial. O curso temporal mostrou que, antes mesmo da instalação da hipertensão, há alteração da morfologia cardíaca, qual seja o desenvolvimento de uma hipertrofia ven...

  16. Diretrizes brasileiras de hipertensão arterial: realidade da enfermagem em hospital especializado Directrices brasileras de hipertensión arterial: realidad de la enfermería en un hospital especializado Brazilian guidelines for arterial hypertension: the reality of nursing in a specialty hospital

    Liliana Fortini Cavalheiro Boll

    2012-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o conhecimento sobre a técnica da verificação da pressão arterial nos profissionais de enfermagem em uma instituição de saúde. Identificar a relação entre a qualificação profissional e o desenvolvimento correto da técnica. MÉTODOS: O pesquisador aplicou um questionário aos profissionais de enfermagem durante a verificação da pressão arterial dos pacientes, questões estas relativas às V Diretrizes Brasileiras de Hipertensão Arterial. RESULTADOS: Dos profissionais de enfermagem, técnicos e auxiliares, 8,41 %, atingiram o ponto de corte estipulado como adequado de acertos (80%. Houve relação direta entre a qualificação profissional e a quantidade de acertos. CONCLUSÃO: As V Diretrizes Brasileiras de Hipertensão Arterial não são seguidas em sua plenitude pelos profissionais de enfermagem. A ampla divulgação das diretrizes, a implementação de programas de capacitação e a monitoração da técnica devem ser incentivadas.OBJETIVO: Evaluar el conocimiento sobre la técnica de la verificación de la presión arterial en los profesionales de enfermería en una institución de salud. Identificar la relación entre la calificación profesional y el desarrollo correcto de la técnica. MÉTODOS: El investigador aplicó un cuestionario a los profesionales de enfermería durante la verificación de la presión arterial de los pacientes, preguntas que fueron relativas a las V Directrices Brasileras de Hipertensión Arterial. RESULTADOS: De los profesionales de enfermería, técnicos y auxiliares, el 8,41 %, alcanzaron el punto de corte estipulado como adecuado de aciertos (80%. Hubo relación directa entre la calificación profesional y la cantidad de aciertos. CONCLUSIÓN: Las V Directrices Brasileras de Hipertensión Arterial no son seguidas en su plenitud por los profesionales de enfermería. La amplia difusión de las directrices, la implementación de programas de capacitación y el monitoramiento de la t

  17. Velocidad de la onda de pulso y la excreción urinaria de albumina en pacientes hipertensos tratados con Perindopril

    J. E. Tobilli

    2002-12-01

    Full Text Available La presión arterial sistólica, la presión arterial diastólica y la excreción urinaria de albúmina (EUA han sido reconocidas como predictores de riesgo cardiovascular. Además, los trastornos de la compliance arterial (CA evaluados mediante la velocidad de la onda de pulso elevada (VOP están estrechamente relacionados con los cambios de la presión arterial y correlacionados con la mortalidad cardiovascular y la presencia de ateroesclerosis. El objetivo primario de este estudio ha sido determinar la relación entre la VOP y la EUA en un grupo de pacientes no fumadores con hipertensión esencial y secundariamente evaluar los cambios producidos por un inhibidor de la enzima convertidora de angiotensina (perindopril sobre estas dos variables. En el estudio participaron setenta pacientes (33 hombres y 37 mujeres hipertensos no fumadores, sin tratamiento previo, de 50 ± 7 años (entre 35-69. La VOP de todos los pacientes fue estudiada por medio de un dispositivo computarizado (Complior en el período basal y a los seis meses de tratamiento con perindopril. También se determinó la EUA por el método de inmunodifusión radial al inicio del tratamiento y luego de seis meses de tratamiento con perindopril (4.6 ± 1.4 mg/día. Al finalizar el estudio se observó una reducción significativa de la presión arterial sistólica (PAS (160.2 ± 10.6 vs. 131.9 ± 7.1 mmHg, p<0.01, presión arterial diastólica (PAD (100.6 ± 5 vs. 81.6 ± 4.8 mmHg, p<0.01, VOP (13.4 ± 1 vs. 9.1 ± 0.9 m/seg, p<0.01 y EUA (42.2 ± 19.3 vs.11.1 ± 3.6 mg/día, p<0.01 al comparar estos valores con los del período basal. Por otra parte, la función renal evaluada por clearance de creatinina mostró una significativa mejoría en relación a los valores iniciales (87.5 ± 22.5 vs. 102.1 ± 23.5 ml/min, p<0.01. Asimismo, se apreció una significativa correlación positiva entre la EUA y la VOP al inicio del estudio (r = 0.81; p<0.01 y después de seis meses de tratamiento

  18. Cor triatriatum sinister e hipertensão arterial pulmonar secundária em cão

    T. Champion

    2014-02-01

    Full Text Available This paper describes the occurrence of cor triatriatum sinister, a rare cardiac malformation in dogs, associated with pulmonary edema and pulmonary hypertension in a 5-year-old Poodle female with history of acute dyspnea and cyanosis. The animal presented acute respiratory failure, heart failure with low cardiac output, progressing to acute tubular necrosis and death. The diagnosis was made posmortem due to the clinical instability of the dog. This malformation was diagnosed by the subdivision of the left atrium into two compartments separated by an abnormal fibromuscular membrane, absence of structural abnormalities of the mitral valve and thickening of pulmonary artery tunica media associated with renal tubular degeneration. The occurrence of cor triatriatum in dogs is most common in the right atrium, defined as cor triatriatum dexter. Additionally, pulmonary arterial hypertension associated with this malformation is described only in humans with this heart defect.

  19. Técnica para avaliação da pressão arterial pulmonar de equinos durante o exercício progressivo em esteira rolante

    Deborah P.M. Dias

    2013-02-01

    Full Text Available Objetivou-se ilustrar a técnica cirúrgica de implantação de introdutores para cateter de Swan Ganz na veia jugular, bem como o procedimento de canulação da artéria pulmonar de dez equinos adultos sem raça definida (SRD. Realizando medidas através do cateter de Swan Ganz implantado, objetivou-se ainda demonstrar os valores de pressão arterial pulmonar (PAP durante um teste de esforço progressivo de intensidade submáxima realizado em esteira rolante. A técnica cirúrgica de implantação de introdutores para o cateter de Swan Ganz empregada, demonstrou-se de fácil e rápida realização. Os animais não apresentaram complicações frente ao introdutor implantado e o teste ergométrico foi realizado conforme proposto. A PAP se elevou ao longo do exercício seguindo o incremento de velocidade, sendo os maiores valores médios observados nos momentos de maior intensidade do esforço. Os valores médios de PAP aumentaram (p<0,05 às velocidades de 7,5m/s (39±3 mmHg e 8,5m/s (41±3 mmHg, quando comparados aos valores mensurados no repouso (26±3mmHg. Entretanto, os valores de PAP encontrados no máximo de esforço realizado pelos equinos SRD deste ensaio (41±3mmHg, encontram-se abaixo dos valores descritos para outras raças para a mesma intensidade de esforço. A descrição detalhada da técnica ilustrada no presente trabalho, pode contribuir substancialmente na padronização de protocolos experimentais que propõem o acesso arterial pulmonar por meio da implantação de cateter de Swan Ganz em equinos. O teste ergométrico proposto foi eficaz em promover variações de PAP de acordo com o esforço realizado, demonstrando valores para equinos SRD que poderão ser usados como base para futuras avaliações.

  20. Toracotomia minimamente invasiva (miopreservadora para ligadura do canal arterial em prematuros Minimally invasive thoracotomy (muscle-sparing thoracotomy for occlusion of ductus arteriosus in preterm infants

    Andrey José de Oliveira Monteiro

    2007-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a aplicabilidade, segurança e resultados iniciais da toracotomia minimamente invasiva para ligadura do canal arterial em prematuros. MÉTODO: Entre outubro de 1991 e julho de 2003, 273 prematuros e prematuros extremos foram submetidos à ligadura cirúrgica do canal arterial por toracotomia miopreservadora, com anestesia geral, em UTI neonatal. Os dados demográficos pré-operatórios e os desfechos de mortalidade e eventos adversos foram, retrospectivamente, avaliados por meio de consulta aos prontuários. RESULTADOS: Não houve óbito relacionado com o ato operatório e 234 (86% pacientes tiveram alta hospitalar. Os 39 óbitos ocorreram entre o 1º e o 51º dias e foram atribuídos à sepse (14 pacientes, hemorragia intracraniana (11 pacientes e enterocolite necrotizante (nove pacientes, todas causas inerentes à prematuridade. Em cinco pacientes, a causa não foi adequadamente estabelecida. As complicações mais freqüentes relacionadas ao procedimento foram: pneumotórax 3,3% (nove pacientes e hemorragia 1,4% (quatro pacientes. CONCLUSÕES: A técnica de toracotomia minimamente invasiva para a ligadura do canal arterial quando realizada em prematuros e prematuros extremos é aplicável, segura, eficaz, relacionada à baixa morbidade e não depende da estrutura hospitalar local.OBJECTIVES: To analyze the feasibility, the safety, and the primary outcomes of a minimally invasive thoracotomy for the occlusion of ligamentum arteriosum (ductus arteriosus in preterm infants. METHODS: Between October 1991 and June 2003, 273 preterm infants and very low birth weight preterm infants were submitted to a surgical occlusion of the ligamentum arteriosum (ductus arteriosus through muscle-sparing thoracotomy under general anesthesia in the neonatal ICU. Pre-operative demographic data, mortality outcomes, and adverse events were retrospectively analyzed through medical records consultation. RESULTS:There were no deaths related to surgery

  1. Impacto na reclassificação da hipertensão pela Monitorização Ambulatorial da Pressão Arterial (MAPA segundo a V Diretriz Brasileira de MAPA

    Daniel Forestiero

    2013-02-01

    Full Text Available FUNDAMENTOS: Novas recomendações sobre valores de referência para normalidade em exames de monitorização ambulatorial da pressão arterial (MAPA foram propostas pela V Diretriz Brasileira de Monitorização Ambulatorial da Hipertensão Arterial, com base principalmente no estudo IDACO. OBJETIVOS: O presente estudo epidemiológico tem o objetivo de avaliar o impacto da adoção desses novos critérios em um ambulatório de referência em hipertensão arterial. MÉTODOS: Foram analisados resultados de 1.567 exames de MAPA realizados entre 2005 e 2010, excluídos 481 pacientes da amostra por não preencherem critérios mínimos de qualidade do exame. Para a classificação desses exames quanto à anormalidade, foram utilizados os valores de referência da IV Diretriz Brasileira de MAPA (2005 e comparados com as mudanças propostas na V Diretriz Brasileira de MAPA (2011. Foi realizada análise estatística pelo método do Q² de Pearson, considerando-se p significativo < 0,05. RESULTADOS: Para os 1.086 exames avaliados, houve importante diferença na proporção de pacientes com MAPA alterado, em especial para a variável pressão arterial sistólica do sono: 49% adotando os valores de corte de 2005 e 71% adotando os de 2011, com significância estatística, p < 0,0001. CONCLUSÕES: A recomendação da nova diretriz causou grande impacto na classificação da hipertensão pelos exames de MAPA dentro da população estudada. A questão sobre os limiares desses exames para metas terapêuticas de pacientes sabidamente hipertensos ainda está em aberto e carece de mais estudos, preferencialmente nacionais, para melhor definição do assunto.

  2. Uso do Verapamil em Gestantes Hipertensas Crônicas: análise do Fluxo das Artérias Uterinas e Umbilical Use of Verapamil in Chronic Hypertensive Pregnant Women: flow Analysis of Uterine Arteries and Umbilical Artery

    Marcus Jose do Amaral Vasconcellos

    2000-06-01

    Full Text Available Objetivo: este trabalho, utilizando verapamil, um bloqueador dos canais lentos de cálcio, constituiu ensaio clínico randomizado, duplo-cego e placebo controlado, e objetivou procurar variação do fluxo uteroplacentário e fetoplacentário durante uso oral crônico do fármaco em gestantes com hipertensão crônica leve para moderada. Métodos: 123 pacientes divididas em dois grupos: grupo estudo (n = 61, submetidas a 240 mg/dia de verapamil, e grupo controle (n = 62, submetidas ao placebo. As pacientes randomizadas em grupos de quatro utilizaram a medicação ou placebo durante trinta dias. Um exame do fluxo das artérias uterinas e da artéria umbilical pela dopplervelocimetria foi registrado. Pelo cálculo da média e desvio padrão, foram comparados os valores dos índices de resistência (IR e pulsatilidade (IP e da relação sístole/diástole (A/B das artérias em estudo após administração dos comprimidos. Resultados: o grupo verapamil apresentou os seguintes valores médios para as artérias uterinas: IR = 0,82 (0,28, IP de 1,06 (0,12 e A/B de 2,42 (0,51. O grupo placebo mostrou: IR de 0,75 (0,35, IP de 1,00 (0,18 e A/B de 2,30 (0,38. Quando analisada a artéria umbilical, os valores foram para o grupo verapamil: IR = 0,73 (0,12, IP = 1,04 (0,13 e A/B = 2,94 (0,32. No grupo placebo, IR = 0,70 (0,14, IP = 1,03 (0,07 e A/B = 3,02 (0,78. A análise estatística das diferenças das médias por meio da razão F mostrou não haver diferença entre os dois grupos avaliados. Conclusão: este trabalho referenda o uso do verapamil entre gestantes com hipertensão crônica (leve para moderada, pois não oferece prejuízos no fluxo uteroplacentário e fetoplacentário.Purpose: this study, using verapamil, a slow calcium channel blocker, was a randomized, clinical, double blind and placebo controlled trial, whose objective was to observe if there was a uteroplacental and fetoplacental flow variation during its chronic oral use. Methods: 123

  3. ACESSIBILIDADE DO USUÁRIO HIPERTENSO À UNIDADE DE SAÚDE E ADESÃO AO TRATAMENTO

    Natasha Marques Frota; Thiago Moura de Araújo; Lívia Moreira Barros; Joselany Áfio Caetano; Zélia Maria de Sousa Araújo Santos

    2013-01-01

    El objetivo fue analizar la accesibilidad de usuario hipertenso a servicios de salud con enfoque en la adherencia al tratamiento. Estudio transversal, cuantitativo, en cuatro Unidades Primarias de Salud de la Familia de Fortaleza-CE, Brasil. Muestra de 400 usuarios. La recogida de los dados ocurrió a través de formulario, de mayo a agosto de 2011. Cerca de 97,5% usuarios tenían más de 40 años y de estos 67,2% eran mujeres. La accesibilidad al servicio ocurrió en 47,2% en la atención secundari...

  4. Avaliação das pressões venosa e arterial em cães submetidos a diferentes tipos de hipotensão Evaluation of venous and arterial blood pressures in dogs submitted to hypotension

    R.C. Rabelo

    2005-12-01

    Full Text Available Estabeleceram-se a pressão venosa periférica (PVP, a pressão venosa central (PVC, a pressão arterial invasiva (PAI e a pressão arterial não invasiva (PANI em cães após diferentes eventos de hipotensão. Foram utilizados 15 cães adultos, distribuídos aleatoriamente em três grupos (G com cinco animais cada, submetidos aos seguintes eventos hipotensores: GI - cloridrato de xilazina a 2%, GII - choque hipovolêmico agudo e GIII - veneno da serpente Bothrops moojeni. Os animais, avaliados durante 30 minutos após o início do evento hipotensor, foram tratados com cloridrato de ioimbina (GI, amido hidroxietílico a 6% (GII e cetoprofeno (GIII e reavaliados por mais 30 minutos. Somente os animais do GII apresentaram redução da PVP após o evento hipotensor e aumento, 25 minutos após tratamento. Os cães dos grupos II e III mostraram redução da PVC após o evento hipotensor, e somente os animais do GII exibiram discreto aumento cinco minutos imediatamente após o tratamento. Houve diminuição da PAI e PANI nos dos grupos II e III após o evento hipotensor, com recuperação gradativa imediata, após o tratamento, somente da PAI.The peripheral venous pressure (PVP, the central venous pressure (CVP, the invasive (IAP and non-invasive blood pressure (NIAP in dogs submitted to different hypotensive events were studied. Fifteen adult mongrel dogs were randomly divided in three groups with five animals each, and submitted to hypotensive event as follow: GI - xylazine chloride 2%, GII - acute hypovolemic shock and GIII - snake venom (Bothrops moojeni. All animals were evaluated for 30 minutes after starting hypotensive event, treated with yoimbine chloride (GI, colloid hetastarch 6% (GII and ketoprofen (GIII and reevaluated for more 30 minutes. Only the group II dogs showed PVP decrease after hypotensive event, and increase 25 minutes after treatment. In animals of groups II and III, the CVP decreased after hypotensive event and only in GII

  5. Reconhecimento, tratamento e controle da hipertensão arterial: estudo Pró-Saúde, Brasil Awareness, treatment, and control of arterial hypertension: Pró-Saúde study, Brazil

    Danielle Nogueira

    2010-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a prevalência, o reconhecimento, o tratamento e o controle da hipertensão em uma população brasileira em idade laboral. MÉTODO: Este projeto se insere em um estudo prospectivo com funcionários de uma universidade do Rio de Janeiro, Brasil (Estudo Pró-Saúde. A partir de aferições padronizadas de pressão arterial e da história de diagnóstico e tratamento da hipertensão, foi estimada a prevalência de hipertensão em 2 384 participantes de linha de base (1999 a 2001 do estudo. A partir daí, foram determinadas as proporções da população, segundo sexo e idade, que reconhecem o diagnóstico de hipertensão arterial, tratam essa condição e cuja doença encontra-se controlada com medicação anti-hipertensiva. RESULTADOS: Da população do estudo, 704 indivíduos (29,6% foram classificados como hipertensos; desses, 573 (81,5% reconheciam previamente sua condição (88,6% das mulheres e 71,6% dos homens. Dos hipertensos que reconheciam previamente a sua condição, 445 (77,8%; 88,8% das mulheres e 59,1% dos homens estavam em tratamento com anti-hipertensivos. Por sua vez, dos hipertensos que estavam em tratamento, 287 (60,1%; 61,5% das mulheres e 57,4% dos homens estavam controlados. Entre aqueles na menor faixa etária, os percentuais de reconhecimento e tratamento foram menores e o controle foi maior. CONCLUSÃO: Nessa população, reconhecimento, tratamento e controle da hipertensão foram superiores ao observado em grande parte dos estudos nacionais e internacionais. Considerando-se que a maioria da população reconhecia sua condição e se tratava, era esperada uma proporção maior de controle da doença. O controle adequado da hipertensão deve ser uma prioridade dos programas e serviços de saúde, especialmente entre os homens.OBJECTIVE: To evaluate the prevalence, awareness, treatment, and control of hypertension in a working-age population in Brazil. METHOD: This project is part of a prospective study

  6. Riesgo cardiovascular del paciente hipertenso con seguimiento prolongado en atención primaria. El efecto del envejecimiento (ciclo risk study

    Luis García-Ortiz

    2007-01-01

    Full Text Available Fundamento La evolución del riesgo cardiovascular estimado, puede servir para valorar la efectividad de las diferentes intervenciones terapéuticas que se realizan en pacientes con seguimiento habitual en las consultas del médico de familia. El objetivo de este trabajo es comparar diferentes sistemas de evaluación del efecto de las intervenciones preventivas en la evolución del riesgo coronario en el seguimiento a largo plazo de personas hipertensas en Atención Primaria. Métodos: Estudio descriptivo longitudinal con seguimiento de 8.42 pacientes hipertensos de 34 a 70 años durante 6 años en dos centros de atención primaria, con una intervención de mejora de calidad (ciclo de mejora en el último año en uno de ellos. El seguimiento mínimo en atención primaria previo al inicio del estudio fue de dos años. Las variables principales fueron edad y sexo, presión arterial, lípidos, tabaquismo, diabetes y riesgo cardiovascular (RCV(Framingham-Wilson en la situación real y considerando constante la edad en el primer supuesto y los factores de riesgo en el segundo y el riesgo relativo. Resultados: Se encontró un descenso de la presión arterial sistólica y diastólica de 11,78 mmHg (IC95%:10,51-13,05 y 8,83 mmHg (IC95%:8,13-9,53 respectivamente y LDL-Colesterol 15,94 mg/dl (IC95%:11,77-20,12, un ascenso del HDLColesterol de 7,53 mg/dl (IC95:6,39-8,66, disminución del tabaquismo del 31% y un aumento de diabéticos. El riego coronario disminuyó 1,40(IC95%:0,87-1,93 puntos porcentuales, el RCV con edad constante descendió 3,84(IC95%:3,35-4,33 y con factores de riesgo constantes incrementó 3,06(IC95%:2,82- 3,29. El Riesgo relativo descendió de 2,50 a 1,85. Conclusiones: El envejecimiento puede enmascarar el efecto logrado por la atención sanitaria en el control del riesgo cardiovascular absoluto. El riesgo relativo podría ser una alternativa para monitorizar el seguimiento.

  7. Educación para la salud. Influencia en ancianos hipertensos

    Regla Ledia González Sánchez

    1999-01-01

    Full Text Available Se realizó estudio descriptivo longitudinal, sobre la influencia de la Educación para Salud en la adquisición de conocimientos y cambios de actitud y control de la enfermedad en ancianos hipertensos de 2 consultorios del Policlínico California, en el año 1977. El universo lo constituyeron 126 ancianos, a los que se les aplicó MINI-MENTAL-TEST, resultando aptos para la investigación 92 gerontes, a éstos se le realizó encuesta y resultó que el mayor porcentaje tenía conocimientos sobre su enfermedad evaluados de regular, al igual que la actitud ante la misma. Estos aspectos mejoraron después de la técnica educativa, incrementándose también el número de pacientes controlados de su enfermedad. Se formularon recomendaciones.A descriptive and longitudinal study about the influence of health education on the acquisition of knowledge and changes of attitude and control of hypertension was conducted among the elderly from 2 family physician offices of the "California" Polyclinic, in 1997. The MINI-MENTAL-TEST was applied to the 126 aged people who took part in this study. According to the results, 92 of them proved to be apt. After surveying them, it was observed that most of them knew about their disease and were evaluated as fair. They received the same evaluation for their attitude towards the disease. These aspects improved when the aducative technique was used. The number of patients under control increased, too. Recommendations were made.

  8. Hipertensão arterial e obesidade em motoristas profissionais de transporte de cargas Hipertensión arterial y obesidad en choferes profesionales de transporte de cargas Hypertension and obesity among professional drivers who work transporting loads

    Luciane Cesira Cavagioni

    2010-01-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Verificar a prevalência de hipertensão arterial e obesidade em motoristas profissionais de transporte de carga e associá-la com variáveis estudadas. MÉTODOS: Estudo transversal abragendo amostra de 258 motoristas profissionais de transporte de cargas que trafegavam pela Rodovia BR-116, no trecho paulista Regis Bittencourt. RESULTADOS: Os motoristas eram adultos jovens (37,5±10 anos, 19% tabagistas, 55% referiram ingestão de bebidas alcoólicas, 74% sedentários, 57% usavam medicamentos inibidores do sono, percorriam em média 800 km/dia e dirigiam 10 horas/dia. A prevalência da hipertensão arterial foi de 37%, 46% tinham sobrepeso, 36% obesidade e 58% circunferência abdominal aumentada. A análise de regressão logística indicou que a hipertensão arterial se associou (OD: Odds ratio, IC: intervalo de confiança a 95% com: aumento do índice de massa corporal (OR=1,183 IC 1,065-1,314; glicemia (OR=1,039 IC 1,004-1,076; e hábito de ingerir medicamento para inibir o sono (OR= 0,322 IC 0,129-0,801. CONCLUSÃO: Foi expressiva a presença de hipertensão, sobrepeso e obesidade nesses profissionais.OBJETIVOS: Verificar la prevalencia de hipertensión arterial y obesidad en choferes profesionales de transporte de carga y asociarla con variables estudiadas. MÉTODOS: Estudio transversal abarcando una muestra de 258 choferes profesionales de transporte de carga que circulan por la carretera BR-116, en el trecho Regis Bittencourt, en el estado de Sao Paulo. RESULTADOS: Los choferes eran adultos jóvenes (37,5±10 años, 19% tabaquistas, 55% refirieron ingestión de bebidas alcohólicas, 74% sedentarios, 57% usaban medicamentos inhibidores del sueño; recorrían en promedio 800 km/día y conducían 10 horas/día. La prevalencia de la hipertensión arterial fue de 37%, 46% tenían sobrepeso, 36% obesidad y 58% circunferencia abdominal aumentada. El análisis de regresión logística indicó que la hipertensión arterial se asoció (OD

  9. Prevalência, reconhecimento e controle da hipertensão arterial sistêmica no estado do Rio Grande do Sul Prevalence, awareness, and control of systemic arterial hypertension in the state of Rio Grande do Sul

    Iseu Gus

    2004-11-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever a prevalência dos fatores de risco das doenças cardiovasculares, em particular, a hipertensão arterial sistêmica na população adulta do RS, seu nível de reconhecimento e controle, além dos fatores associados. MÉTODOS: Estudo transversal, de base populacional, com amostragem aleatória por conglomerado, em 918 adultos >20 anos, realizada de 1999-2000, tendo hipertensão arterial sistêmica definida como pressão arterial >140/90 ou uso atual de anti-hipertensivos. RESULTADOS: A prevalência de hipertensão arterial sistêmica foi de 33,7% (n=309, sendo que 49,2% desconheciam ser hipertensos; 10,4% tinham conhecimento de ser hipertensos, mas não seguiam o tratamento; 30,1% seguiam o tratamento, mas não apresentavam controle adequado e 10,4% seguiam tratamento anti-hipertensivo com bom controle. Após análise multivariada, as características associadas significativamente com a presença de hipertensão arterial sistêmica foram: idade (OR=1,06, obesidade (OR=3,03 e baixa escolaridade (OR=1,82; as mesmas características foram associadas à falta de reconhecimento da hipertensão: idade (OR=1,05, obesidade (OR=2,46 e baixa escolaridade (OR=2,17. CONCLUSÃO: A prevalência de hipertensão arterial sistêmica no RS manteve-se em níveis constantes nas últimas décadas, e seu grau de reconhecimento apresentou discreta melhora. Entretanto, o nível de controle da hipertensão arterial sistêmica não apresentou crescimento. Este estudo permitiu definir um grupo-alvo - pessoas de maior idade, obesas e de baixa escolaridade - tanto para campanhas diagnósticas, como para a obtenção de maior controle de níveis pressóricos.OBJECTIVE: To report the prevalence of cardiovascular risk factors, particularly of systemic arterial hypertension, in the adult population of the Brazilian state of Rio Grande do Sul, in addition to the public's level of awareness, hypertensive control, and associated factors. METHODS: A cross

  10. Vascularização arterial e venosa do linfonodo poplíteo em cães

    Karina de Senna Villar

    2009-08-01

    Full Text Available O linfonodo poplíteo nos cães situa-se, à direita e à esquerda em um espaço designado fossa poplítea, no terço distal dos músculos bíceps femoral, lateralmente e semitendinoso, medialmente, projetando-se na altura da face caudal das articulações femoro tibial e femoro patelar (articulação do joelho. Neste estudo foram utilizados vinte e cinco cães, machos e fêmeas adultos, procedentes do canil municipal de Araçatuba, São Paulo, cujas capturas foram efetuadas pela defesa sanitária animal desta cidade. Os vasos arteriais destinados a esta estrutura derivam sempre, de ambos os lados, da artéria femoral caudal distal e variam de 10 a 1, com maior freqüência de 2 (7 vezes, 28% à direita e de 6 a 2 igualmente com maior freqüência de 2 (8 vezes, 32%. Tão logo tem-se ainda à direita 5 e 6 ramos (3 vezes, 12%, 1, 7 e 10 (1 vez, 4%. Relativamente às veias derivadas deste linfonodo, convergem sempre para a veia safena lateral, estes vasos oscilam entre 9 e 2, com maior freqüência de 3 (9 vezes, 3,6%, à direita e de 12 a 2, com maior freqüência de 3 (10 vezes, 40% à esquerda. Assim, os demais ramos oriundos da linfonodo poplíteo direito e que se inserem na veia supracitada são em número de 2 e 5 (5 vezes, 20%, 4 e 6 (2 vezes, 8% e 8 e 9 (1 vez, 4%. Não obstante, ao lado esquerdo verifica-se em número de 2 ramos (6 vezes, 24%, 4 (4 vezes, 16%, 6 (3 vezes, 12% e finalizando 9 e 12 ramos (1 vez, 4%. O tamanho do linfonodo poplíteo em cães soropositivos para Leishmaniose Visceral pode encontrar-se entre 7,8 x 3,8 x 6,1 a 50,0 x 20,7 x 28,5 , em mm, sendo a média 26,18 x 10,5 x 15,97 mm para o direito e 26,98 x 11,14 x 15,25 mm para o esquerdo (referente as medidas dorso-ventral, latero-lateral e crânio-caudal, respectivamente.

  11. Perfil dos níveis pressóricos e glicêmicos de funcionários de instituições públicas hospitalares de Fortaleza-Ceará: profile of the public hospitals' staff in the city of Fortaleza-CE Perfil de los niveles de glucosa e de tensión arterial de trabajadores de hospitales públicos de Fortaleza-CE Glucose and blood pressure level

    Marta Maria Coelho Damasceno

    2006-08-01

    Full Text Available Objetivou-se identificar o perfil dos níveis pressóricos e glicêmicos de funcionários de dois hospitais públicos de Fortaleza-CE. Aferiram-se os valores em 506 sujeitos utilizando glicosímetro e esfigmomanômetro aneróide, de setembro de 2003 a abril de 2004. As idades variaram entre 18 e 71 anos; 79,6% eram mulheres; 49,3% pré-hipertensos; 19,5% hipertensos; 7,9% com glicemia > 140 mg/dl; 38,5% com alto risco para DM2. A PA foi mais elevada nos homens (pEl objetivo fué identificar el perfil de los niveles de glucosa y de tensión arterial de trabajadores de dos hospitales públicos de Fortaleza-CE. Se tomarón los valores en 506 personas con el Sistema de Medición de Glucosa en sangre y esfigmomanómetro aneroide, de septiembre de 2003 a abril de 2004. Las edades cambiaron entre 18 a 71 años; 79,6% mujeres; 49,3% tenian prehipertensión arterial; 19,5% hipertensión arterial; 7,9% con glucosa mas de 140 mg/dl; 38,5% con alto riesgo para DM2. La tensión arterial fue más elevada en hombres (pIt was objectified to identify the profile of the glucose and blood pressure in two public hospitals' staff in Fortaleza - CE . From September 2003 to April 2004, were checked 506 individuals with Blood Glucose Monitoring System and aneroid sphygmomanometer. The results showed that the individuals were between 18 and 71 years old; 79,6% were women; 49,3 were classified as prehypertensive; 19.5% as hypertensive; 7.9% had glucose level above 140mg/dl and 38.5% had high chances of developing DM2. High blood pressure was higher in men (p<0.001; the illiterates/literates ( p=0.031 and the married and widowed (p=0.029. This high blood pressure was associated with age (p<0.001; As to the glucose levels, a statistically meaningful association with age and high glucose (p=0.006 was verified. It follows that the studied population, especially the elderly and low educated, need educational actions which help to change their life habits and prevent illnesses

  12. Fatores de risco associados à pressão arterial elevada em adolescentes Risk factors associated with high blood pressure in adolescents

    Kelly Samara da Silva

    2007-08-01

    Full Text Available Níveis elevados de pressão arterial (PA na infância e adolescência têm sido freqüentemente associados a outros fatores de risco cardiovasculares, além de hipertensão arterial na fase adulta da vida. O presente estudo objetivou identificar fatores de risco associados à PA elevada em adolescentes. Participaram do estudo 674 adolescentes de escolas públicas e privadas, de ambos os sexos (303 rapazes e 371 moças, com idade de 14 a 17 anos (16,5 DP 0,9, da cidade de João Pessoa, Paraíba. Mediante aplicação de um questionário, foram levantadas informações sobre: a indicadores sociodemográficos; b nível de prática da atividade física; c hábitos alimentares; c índice de massa corporal; e fumo e bebidas alcoólicas; e foram realizadas medidas de PA. A prevalência de PA elevada foi de 7,4%, sendo maior nos rapazes (10,2% quando comparada com a das moças (5,1%, p High levels of arterial blood pressure in childhood and adolescence have been often associated with other cardiovascular risk factors apart from arterial hypertension in the adult stage of life. The present study aimed at identifying risk factors associated with high blood pressure in adolescents. The subjects were 674 adolescents from public and private schools in the city of João Pessoa, Paraíba. These subjects were of both sexes (i.e., 303 boys and 371 girls and their ages spanned from 14 to 17 years old. By means of a questionnaire, information about the following aspects was gathered: a socio-demographic status; b physical activity levels; c eating habits; d body mass index; e consumption of alcohol and smoking. Moreover, measurements of arterial pressure (AP showed that the prevalence of high AP was 7.4 %, being higher in boys (10.2% when compared with girls (5.1%, p < 0.01. The results of the multivaried analysis indicated that overweight adolescents displayed from five to six times more chance of having high AP than adolescents with light/normal weight (boys: OR

  13. Fatores de risco para doença arterial coronariana em idosos: análise por enfermeiros utilizando ferramenta computacional Factores de riesgo para enfermedad arterial coronaria en ancianos: análisis por enfermeras utilizando herramienta computacional Risk factors for coronary artery disease in the elderly: analysis by nurses using computational tool

    Silvia Sidnéia da Silva

    2010-12-01

    Full Text Available Este trabalho objetivou analisar a ocorrência dos fatores de risco para doença arterial coronariana em população idosa participante de uma ação comunitária utilizando ferramenta computacional por enfermeiros. Para o desenvolvimento do trabalho utilizou-se uma base de dados coletada em um evento comunitário. As informações se referem a fatores de risco, dados antropométricos, aferição de valores de glicemia, colesterol e pressão arterial, ocorrência de doença cardíaca e outras. A estrutura multidimensional foi elaborada e gerenciada pela ferramenta Analysis Services. A população idosa correspondeu a 40,4% do total, um terço dessa população estava com valores alterados de pressão arterial sistêmica, 53,8% apresentavam índice de massa corporal acima de 25 Kg/m², 40,3% referiram hipertensão e 20,3%, diabetes mellitus. Conclui-se que o controle de fatores de risco para DAC em clientes idosos é essencial e que a tecnologia da informação pode apoiar na tomada de decisões estratégicas de promoção de saúde.Este trabajo tuvo como objetivo analizar la ocurrencia de los factores de riesgo para enfermedad arterial coronaria en la población anciana participante de una acción comunitaria con una herramienta computacional para las enfermeras. Para el desarrollo del trabajo se utilizó una base de datos colectada en un evento comunitario. Las informaciones se refieren a factores de riesgo, datos antropométricos, contraste de valores de glucemia, colesterol y presión arterial, ocurrencia de enfermedad cardiaca y otras. La estructura multidimensional fue elaborada y administrada por la herramienta Analysis Services. La población anciana correspondió a 40,4% del total, un tercio de esta población estaba con valores alterados de presión arterial sistémica, 53,8% presentaban índice de masa corporal arriba de 25Kg/m², 40,4% se referían a hipertensión y 20,3% diabetes mellitus. Se concluye que el control de factores de

  14. Efeitos da exposição à fumaça lateral do cigarro sobre o barorreflexo em ratos adultos

    Vitor E. Valenti

    2011-02-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Tem sido demonstrado na literatura que a exposição à fumaça do cigarro causa hipertensão em ratos; entretanto, ainda não foi demonstrado se a função barorreflexa está prejudicada antes do animal se tornar hipertenso. OBJETIVO: Avaliamos os efeitos de curto prazo da exposição à fumaça lateral do cigarro (FLC sobre a função barorreflexa em ratos Wistar normotensos. MÉTODOS: Os ratos foram expostos à FLC durante três semanas, 180 minutos, cinco dias por semana, a uma concentração de monóxido de carbono entre 100-300 ppm. A pressão arterial média (PAM e a freqüência cardíaca (FC foram avaliadas através de canulação da veia e artéria femoral. RESULTADOS: Não houve diferença significante entre os grupos controle e FLC em relação à MAP e FC, componentes simpáticos e parassimpáticos da função barorreflexa. CONCLUSÃO: Nossos dados sugerem que três semanas de exposição à FLC não são suficientes para causar dano significante aos parâmetros cardiovasculares e sensibilidade barorreflexa em ratos Wistar normotensos.

  15. Controle de diabetes Mellitus e hipertensão arterial com grupos de intervenção educacional e terapêutica em seguimento ambulatorial de uma Unidade Básica de Saúde Diabetes Mellitus and arterial hypertension control with educational and therapeutic groups in outpatient follow-up in a "Unidade Básica de Saúde" (Basic Health Unit

    Terezinha Rodrigues Silva

    2006-12-01

    Full Text Available A educação em saúde, associada ao autocontrole dos níveis de pressão e/ou glicemia, à atividade física e à dieta alimentar, é importante instrumento para aumentar a procura por tratamento e controlar os índices de pacientes hipertensos e/ou diabéticos,. O conhecimento das doenças está relacionado à melhora da qualidade de vida, à redução do número de descompensações, ao menor número de internações hospitalares e à maior aceitação da doença. Na Unidade Básica de Saúde Vila Romana, São Paulo, foi proposta intervenção em uma população de pacientes diabéticos e hipertensos por meio de formação de grupos para ação educativa, seguimento regular, fornecimento de medicação, controles periódicos e atendimento de intercorrências. Nos primeiros 3 meses, ocorreram encontros mensais, seguidos de consultas periódicas, controle das doenças e dispensação da medicação por mais 27 meses. Com os 191 pacientes, foram formados grupos de hipertensos e grupos de diabéticos hipertensos. Comparando-se os resultados iniciais com os pós-intervenção, observou-se redução relativa de 42% e absoluta de 26% no número de pacientes com pressão moderada e grave. Para os diabéticos, a redução absoluta foi de 22%, para aqueles com glicemia superior a 200mg/dl, e aumento de 33%, para aqueles com níveis inferiores a 125mg/dl. Para pacientes dependentes do sistema oficial de saúde e do fornecimento da medicação, em grande parte idosos e pessoas com baixa escolaridade, embora não se tenha obtido no estudo o controle de todos os determinantes de adesão e o controle das doenças, a intervenção se mostrou eficiente. Sugere-se que seja institucionalizada.Health education is important to increase adherence to treatment and the control of patients with hypertension or diabetes, associated to the self-control of blood pressure or glycemia levels, physical activity and diet. The better understanding of the diseases is related

  16. Hipertensão arterial em idosos atendidos em grupos de aconselhamento: Comentários a partir de um estudo descritivo preliminar

    Vidigal de Andrade Vieira

    Full Text Available O Brasil vem apresentando um processo de transição em sua estrutura demográfica, onde se evidencia a queda da natalidade e o aumento da expectativa de vida. Como conseqüências indesejáveis do envelhecimento populacional, sem uma correspondente reestruturação e melhoria na organização dos diversos níveis de atenção à saúde, observa-se o aumento das morbidades pelas doenças crônicodegenerativas, crescente demanda aos serviços de saúde, especialmente na saúde pública, e a redução na qualidade de vida da população idosa e sem recursos financeiros. A presença da doença na vida das pessoas provoca novas ordenações de seus valores pessoais, objetivos de vida e percepções sobre o mundo. A necessidade dessas freqüentes mudanças na vida dos indivíduos e dos grupos sociais determina a elaboração de novas estratégias de enfrentamento na ordenação dos papéis sociais o que, por sua vez, dificulta a implementação de medidas preventivas e de promoção à saúde.

  17. Hipertensão arterial em idosos atendidos em grupos de aconselhamento: comentários a partir de um estudo descritivo preliminar

    Vidigal de Andrade Vieira

    Full Text Available O Brasil vem apresentando um processo de transição em sua estrutura demográfica, onde se evidencia a queda da natalidade e o aumento da expectativa de vida. Como conseqüências indesejáveis do envelhecimento populacional, sem uma correspondente reestruturação e melhoria na organização dos diversos níveis de atenção à saúde, observa-se o aumento das morbidades pelas doenças crônicodegenerativas, crescente demanda aos serviços de saúde, especialmente na saúde pública, e a redução na qualidade de vida da população idosa e sem recursos financeiros. A presença da doença na vida das pessoas provoca novas ordenações de seus valores pessoais, objetivos de vida e percepções sobre o mundo. A necessidade dessas freqüentes mudanças na vida dos indivíduos e dos grupos sociais determina a elaboração de novas estratégias de enfrentamento na ordenação dos papéis sociais o que, por sua vez, dificulta a implementação de medidas preventivas e de promoção à saúde.

  18. A convivência com a hipertensão arterial Coping with arterial hypertension

    Edlene Loureiro Aceti Goes

    2002-04-01

    Full Text Available Estudo exploratório desenvolvido junto a 50 indivíduos hipertensos, com o objetivo de conhecer como eles percebem sua convivência com a hipertensão arterial. Os dados foram coletados através de entrevista semi-estruturada e os resultados revelaram que 40% deles se conheciam como hipertensos há mais de 10 anos e que 30% não apresentavam nenhum sintoma, por ocasião do diagnóstico. Grande parte percebe a hipertensão como uma doença que provoca preocupação, medo e revolta, sendo que mais da metade faz uma avaliação negativa de suas vidas após o diagnóstico. As mudanças sentidas com maior pesar estão relacionadas à limitação ao trabalho e a dificuldades financeirasThis is an exploratory study with 50 hypertensive individuals aiming to know how they perceive and cope with arterial hypertension. Data collected by an interview revealed that 40% of them have realized their hypertension conditions for over ten years and 30% had no symptom of the disease while diagnosis process. Most of them think that the arterial hypertension is a disease that requires concern, fear and revolt. The majority has a negative evaluation of life after the hypertension diagnosis. According to the hypertensive individuals, their largest difficulties are related to work limitation and financial problems

  19. Variações do sistema arterial hepático e sua aplicabilidade na bipartição do fígado: estudo anatômico em cadáveres Hepatic artery system variations correlated to split-liver surgery: anatomic study in cadavers

    Pedro Luiz BERTEVELLO

    2002-04-01

    Full Text Available Racional - Com a escassez de doadores de órgãos e com o aumento da demanda para o transplante de fígado, faz-se necessário aplicação de técnicas cirúrgicas avançadas para viabilização e melhor aproveitamento dos fígados disponíveis, como a chamada técnica da bipartição do fígado, onde de um doador se consegue fazer dois transplantes hepáticos, geralmente um adulto e uma criança. Objetivos - Estudar detalhadamente a distribuição arterial em sua porção extra e intra-hepática e suas implicações na secção regrada do fígado em dois segmentos anatomicamente equivalentes (lobo esquerdo e lobo direito. Material e Métodos - Estudo de 60 fígados provenientes de cadáver fresco, examinando a artéria hepática e suas ramificações, bem como suas variações anatômicas. A secção hepática foi realizada em duas metades: lobo direito e esquerdo. Resultados - O peso total do fígado foi de 1536 ± 361,8 g, do lobo direito 890,3 ± 230,9 g e do esquerdo 649,3 ± 172,6 g. Em 1 (1,6% caso, o tronco hepático comum, era proveniente da artéria mesentérica superior, e em outro (1,6%, a artéria hepática esquerda era proveniente da aorta abdominal. A artéria hepática direita era proveniente do tronco celíaco em 44 (73,3% casos, em 15 (25% era oriunda da artéria mesentérica superior, sendo que em 11 (18,3% casos era acessória e em 4(6,6% era dominante. A artéria hepática esquerda era acessória da artéria gástrica esquerda em 2 (3,3% casos. Em 9 (15% casos houve trifurcação da artéria hepática própria, originando a artéria hepática média, que ficou assim distribuída: 6 (10% casos como tronco único para o segmento IV, em 2 (3,3% casos para o segmento III e 1 (1,6% para o segmento II. Em 2 (3,3% casos, ocorreram 2 artérias hepáticas médias que irrigavam o segmento IV. Conclusão - As variações anatômicas da artéria hepática não impediram a secção do parênquima hepático em lobo direito e esquerdo

  20. Balking blood pressure "control" by older persons of Bambuí, Minas Gerais State, Brazil: an ethno-epidemiological inquiry A resistência contra o "controle" da pressão arterial na população idosa de Bambuí, Minas Gerais, Brasil: um inquérito etno-epidemiológico

    Marilyn Nations

    2011-01-01

    Full Text Available This ethno-epidemiological inquiry aims to comprehend hypertension-related experiences in the elderly population of Bambuí, in the State of Minas Gerais, Brazil. It combines ethnographic descriptions with statistical data. The subjective significance of factors associated with adequate arterial pressure control is explored. A baseline cohort of 26 people with hypertension, randomly selected from a total number of 1,494 residents over the age of 60, was interviewed utilizing signs, meanings and actions methodology. Multivariate analysis shows an association (p Esta pesquisa etno-epidemiológica objetiva compreender a experiência humana da hipertensão enquanto percebida por pessoas idosas em Bambuí, Minas Gerais, Brasil. Mescla descrições etnográficas com dados numéricos. Significados acerca dos fatores correlacionados ao controle da pressão arterial são aprofundados. De 1,494 residentes > 60 anos em uma base de coorte, 26 hipertensos idosos foram aleatoriamente selecionados e entrevistados utilizando signos, significados e ações. A análise multivariada associou (p < 0,001 o sexo feminino e renda mensal domiciliar ao tratamento da hipertensão mas não com controle da pressão adequado. Construções culturais conflitantes de "problema de pressão" contribuem para a "não-adesão" ao tratamento. Há uma tensão entre o "controle" da pressão arterial e os profissionais de saúde "controlando" a vida. "Regimes" prescritos pelos médicos proíbem os prazeres da vida, "controlando" a liberdade pessoal e o livre arbítrio. Dar voz aos idosos sobre suas condições sociais pode promover autonomia, bem estar e felicidade na últimas etapas da vida.

  1. Manejo integral del paciente hipertenso con síndrome metabólico y diabetes

    Vicente Lahera, MD

    2010-01-01

    Full Text Available En los últimos años se ha observado un aumento de la prevalencia de obesidad y síndrome metabólico a nivel mundial, cuyas causas habrían de buscarse fundamentalmente en el sedentarismo y la alimentación inadecuada. La obesidad y el síndrome metabólico son una primera causa para el desarrollo de enfermedad cardiovascular y diabetes mellitus tipo 2. La resistencia a la insulina desempeña un papel central en el desarrollo de las alteraciones vasculares y metabólicas que acompañan al síndrome metabólico y la obesidad: dislipidemia aterogénica, hipertensión y estado protrombótico e inflamatorio. La activación del sistema nervioso simpático y del sistema reninaangiotensina- aldosterona también participa en la mayoría de estas alteraciones. Por ello, el bloqueo de las acciones de la angiotensina II con los inhibidores de la enzima convertidora de angiotensina (IECA o los antagonistas de los receptores de angiotensina II (ARA-II, se considera una aproximación terapéutica obligatoria en estos pacientes. Es preciso considerar que muchos pacientes con múltiples factores de riesgo requieren más de un fármaco para controlar su hipertensión. La combinación de medicamentos bloqueadores de la angiotensina II y diuréticos es la más frecuente; sin embargo, en pacientes hipertensos con diabetes, síndrome metabólico o alteraciones del metabolismo de la glucosa, ésta no parece ser la más adecuada debido al potencial diabetogénico de los diuréticos tiazídicos. Por ello, la unión de IECA y calcioantagonistas se ha revelado como una combinación alternativa interesante. Los estudios ACCOMPLISH, STAR y STAR-LET, han demostrado beneficios importantes en pacientes diabéticos o con resistencia a la insulina.

  2. Poliglobulia como factor de riesgo en Hipertensión Arterial

    María Ximena Tapia Paguay

    2017-05-01

    la relación de Poliglobulia como factor de riesgo para hipertensión arterial en habitantes de ciudades de alturas superior a 2500msnm; Estudio descriptivo, transversal, no experimental. Incluye 980 personas de 20 años y más. Se tomó muestras de sangre para medir concentración de hemoglobina y hematocrito. La presión arterial se cuantificó tres veces por semana durante un mes (en horario específico a pacientes con poliglobulia, los resultados: 53,7% mujeres y 42,3% hombres, 12,2% tuvieron poliglobulia, de los cuales 60% fueron hombres mayores de 40 años. En presión arterial, 72 fueron hombres: 76,4% con prehipertensión, 23,6% estaban hipertensos. En mujeres con poliglobulia 66.7% fueron prehipertensas 33.3% tenían hipertensión, como conclusión: El incremento de hematocrito ocasiona disminución del flujo sanguíneo, favorece la resistencia arterial y aumenta las cifras tensionales. Se recomienda evaluar en los pacientes hipertensos la presencia de poliglobulia como factor de riesgo.

  3. "Tô sentindo nada": percepções de pacientes idosos sobre o tratamento da hipertensão arterial sistêmica "I feel nothing": perceptions of elderly patients on the treatment of hypertension

    Leonardo Oliveira Leão e Silva

    2013-01-01

    Full Text Available Este artigo objetivou identificar as percepções de pacientes idosos hipertensos em torno da terapêutica, relacionadas à adesão ou não ao tratamento medicamentoso. A amostra qualitativa foi constituída de 16 idosos, de ambos os sexos, com 60 anos ou mais, residentes em dois distritos rurais do município de Governador Valadares, que utilizavam algum medicamento para controle da pressão arterial e que tinham estado funcional independente e função cognitiva preservada. O método de coleta de dados utilizado foi a entrevista aberta em profundidade, com auxílio de um gravador de voz digital, realizada entre os meses de junho e setembro de 2010. A apuração das informações obtidas foi realizada segundo a técnica da análise de conteúdo, de Bardin. Contemplaram-se as categorias: Prática e conhecimento, Medidas Higienodietéticas (Alimentação, Exercícios físicos, Estresse e nervosismo e Tratamento medicamentoso. Os resultados mostraram que os idosos possuem conhecimentos adequados sobre hipertensão e tratamento, mas são impulsionados, durante a terapêutica, a agirem segundo suas opiniões e experiências socialmente compartilhadas. Ademais, os idosos hipertensos não-aderentes ao tratamento tendem a considerar a hipertensão como uma doença aguda, sintomática e ligada a estados emocionais. Conclui-se que, devido a essa percepção equivocada, torna-se necessário reavaliar as orientações fornecidas aos hipertensos pela equipe de saúde, devendo-se criar alternativas viáveis de promoção da saúde, para que ocorram mudanças de atitudes e práticas quanto à doença.This paper aims to identify the perceptions of elderly hypertensive patients about therapy, related or not to adherence to medication. The qualitative sample consisted of 16 elderly of both sexes, aged 60 and older living in two rural districts of the municipality of Governador Valadares, Brazil, who used some medication to control blood pressure and had

  4. Ausência de influência da massa corporal na redução da pressão arterial após exercício físico Ausencia de influencia de la masa corporal en la reducción de la presión arterial después del ejercicio físico Lack of influence of body mass on blood pressure reduction after exercising

    Daiana Cristine Bündchen

    2010-05-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A hipertensão arterial (HA é associada com um grande número de comorbidades, dentre elas, a obesidade. A correlação entre essas duas variáveis tem sido alvo de investigação. OBJETIVO: Analisar a correlação entre a perda de massa corporal e redução pressórica em hipertensos submetidos a programa de exercícios físicos (PEF. MÉTODOS: Cento e onze hipertensos com sobrepeso ou obesidade, divididos aleatoriamente em um grupo experimental (GE, com 57 (58 ± 8,9 anos que participaram de um PEF de três meses, três vezes por semana, em sessões de exercício aeróbio de 50% a 70% do VO2pico, por 30 a 60 minutos, além de exercícios resistidos; e um grupo controle (GC, com 54 (60 ± 7,7 anos que não participaram do PEF. No GE, a pressão arterial (PA foi aferida antes de cada sessão e a mensuração das variáveis antropométricas (VA no início do programa e após três meses. No GC a PA e as VA foram avaliadas em consultório médico no início e fim do estudo. Os dados foram expressos por média ± desvio padrão (DP, usou-se teste t e correlação de Pearson. Considerou-se significativo p FUNDAMENTO: La hipertensión arterial (HA está asociada con un gran número de comorbidades, entre ellas, la obesidad. La correlación entre esas dos variables ha sido objeto de investigación. OBJETIVO: Analizar la correlación entre la pérdida de masa corporal y reducción de la presión en hipertensos sometidos a programa de ejercicio físico (PEF. MÉTODOS: 111 hipertensos con sobrepeso u obesidad, divididos aleatoriamente en un grupo experimental (GE, con 57 (58 ± 8,9 años que participaron en un PEF de tres meses, tres veces por semana, en sesiones de ejercicio aeróbico del 50% al 70% del VO2pico, por 30 a 60 minutos, además de ejercicios resistidos, y un grupo control (GC, con 54 (60 ± 7,7 años que no participaron en el PEF. En el GE, se tomó la presión arterial (PA antes de cada sesión y se midieron las variables

  5. AÇÕES EDUCATIVAS NA PREVENÇÃO DA HIPERTENSÃO ARTERIAL EM TRABALHADORES

    ZÉLIA MARIA DE SOUSA ARAÚJO SANTOS

    2008-01-01

    Full Text Available Investigación participante, con el objetivo de evaluar las modificaciones ocurridas en el estilo de vida de catorce trabajadores con el fin de prevenir y/o controlar los factores de riesgo de la Hipertensión Arterial Sistémica (HAS, con la realización de encuentros educativos. Las informaciones se recogieron a través de entrevista. Los resultados se organizaron en categorías empíricas. Once participantes tenían entre 21 a 44 años de edad, diez eran pardos y uno, negro. Los trabajadores revelaron alguna noción sobre los factores de riesgo de la HAS y su prevención. Para ellos, tener un estilo de vida saludable consistía en practicar ejercicios físicos, vigilar el estrés, comer alimentos sanos y abstenerse de vicios. La realización de los encuentros generó modificaciones en el estilo de vida de trece trabajadores, con el fin de prevenir y/o controlar los factores de riesgo ambientales, consecuentemente el surgimiento de la HAS en si mismos, en familiares y en otras personas que conviven con ellos.

  6. Vitamina C restaura pressão arterial e a resposta vasodilatadora no antebraço em crianças obesas

    Pricilla Regina Oliveira Fernandes Fernandes

    2011-06-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A resposta vasodilatadora periférica tem um papel importante na fisiopatologia da obesidade e das doenças cardíacas. OBJETIVO: Avaliar o efeito crônico da suplementação de vitamina C (VitC sobre a pressão arterial e na resposta vasodilatadora ao estresse mental. MÉTODOS: Neste estudo prospectivo, randomizado e duplo cego foram avaliadas crianças obesas, de ambos os gêneros e com idade entre 8 a 12 anos divididas em 2 grupos: 1 grupo de crianças suplementadas com 500 mg de vitamina C (n = 11 e, 2 substância placebo (n = 10 durante 45 dias. Oito crianças eutróficas, pareadas por idade também foram arroladas no estudo. Foi avaliada a pressão arterial média (PAM, frequência cardíaca (ECG e fluxo sanguíneo no antebraço pela plestimografia de oclusão venosa. A condutância vascular no antebraço (CVA foi obtida através da relação entre o fluxo sanguíneo no antebraço e a PAM (X100. RESULTADOS: Antes da intervenção, as crianças obesas apresentaram PAM maior e CVA menor quando comparadas às crianças eutróficas. Pós-intervenção, o Grupo VitC apresentou redução da PAM no repouso (81 ± 2 vs 75 ± 1 mmHg, p = 0,01, enquanto no Grupo Placebo não houve alteração da PAM (p = 0,58. Adicionalmente, VitC promoveu um aumento da CVA no repouso (3,40 ± 0,5 vs 5,09 ± 0,6 un, p = 0,04 e durante o estresse mental (3,92 ± 0,5 vs 6,68 ± 0,9 un, p = 0,03. Além disso, pós suplementação com VitC, os níveis da CVA foram estatisticamente semelhantes aos das crianças eutróficas no repouso (5,09 ± 0,6 vs 5,82 ± 0,4 un, p > 0,05 e durante o estresse mental (6,68 ± 0,9 vs 7,35 ± 0,5 un, p > 0,05. CONCLUSÃO: Suplementação com VitC reduziu a pressão arterial e restabeleceu a resposta vasodilatadora periférica em crianças obesas.

  7. Qualidade de vida em portadores de doença arterial coronária: comparação entre gêneros Quality of life in patients with coronary artery disease: comparison between genders

    Maria Elenita Corrêa de Sampaio Favarato

    2006-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a qualidade de vida em portadores de doença arterial coronária (DAC submetidos a um dos três tratamentos: clínico, cirúrgico ou por angioplastia, comparando possíveis diferenças entre gêneros. MÉTODOS: O estudo incluiu 542 sujeitos com DAC submetidos aos tratamentos, sendo 376 homens (58,5 ± 8,7 anos e 166 mulheres (61,8 ± 9,2 anos. O instrumento de avaliação foi o Questionário Genérico de Avaliação de Qualidade de Vida (SF-36, aplicado no início do tratamento, após 6 e 12 meses. A análise estatística foi realizada pelo teste Anova. RESULTADOS: Em relação aos componentes físicos, o grupo cirúrgico exibiu escores de 46, 63 e 68, respectivamente, na fase inicial, 6 e 12 meses; o clínico 52, 65 e 62 e a angioplastia 57, 66 e 70. Os escores dos componentes mentais do tratamento cirúrgico foram 58, 71 e 74, do clínico 61, 69 e 69 e da angioplastia 64, 74 e 74. As diferenças foram significantes ao longo do tempo e entre tratamentos (pOBJECTIVE: To analyze the quality of life of people with coronary artery disease (CAD who underwent distinct therapeutic interventions and compare the possible differences between genders. METHODS: This study comprised 542 subjects, 376 men (58.5 ± 8.7 years and 166 women (61.8 ± 9.2 years, with CAD who underwent surgical, medical treatment or angioplasty. Quality of life was assessed with The Medical Outcomes Study 36-item Short-Form Health Survey (SF-36 administered at the beginning of treatment and after 6 and 12 months. The applied statistical method was the ANOVA test. RESULTS: Those who underwent surgical treatment had scores of 46, 63, 68, for physical components; 52, 65, 62 for medical treatment, and 57, 66, 70 for angioplasty, respectively, in the initial, six, and twelve months phases. For mental components, results were 58, 71, 74 for the surgical intervention; 61, 69, 69 for the medical treatment, 64, 74, 74 for angioplasty. The differences over time and between

  8. Influência do treinamento resistido na qualidade de vida de idosas com hipertensão arterial sistêmica

    Rudolfo Hummel Gurgel Vieira

    2012-02-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A hipertensão arterial sistêmica (HAS é um dos principais problemas de saúde pública em todo o mundo, afetando principalmente mulheres idosas. O hipertenso pode ter sua qualidade de vida (QV prejudicada em função das comorbidades inerentes à doença em questão. Dessa forma, o treinamento resistido (TR vem sendo cada vez mais recomendado como terapêutica não-farmacológica dessa moléstia, uma vez que contribui para redução de incapacidades em indivíduos com e sem doenças cardiovasculares. OBJETIVO: Avaliar a QV, dada pelos questionários genérico (SF-36 e específico (MINICHAL, em idosas hipertensas controladas submetidas a programa de treinamento resistido. MÉTODOS: O TR foi realizado durante oito semanas, três vezes por semana, em dias alternados. A intensidade do treinamento foi periodizada ao longo do treinamento. Para avaliação da QV, utilizaram-se os questionários SF-36 e MINICHAL, antes e após o programa de TR. Na análise estatística utilizaram-se os testes Kolmogorov-Smirnov para verificar a normalidade dos dados, bem como o t de Student, considerando significativo p < 0,05. RESULTADOS: A análise do SF-36 mostrou um aumento no valor médio de quase todas as variáveis analisadas, contrapondo-se apenas aos domínios aspectos sociais e saúde mental. Houve diferença significativa com relação ao estado geral de saúde (EGS (p = 0,02. Para o MINICHAL não foi observada diferença significativa nos domínios analisados, embora tenha apresentado redução do valor médio de todos os quesitos analisados. CONCLUSÃO: Nossos dados sugerem que o TR mostrou-se eficaz com relação ao domínio EGS pertencente ao SF-36. Em contrapartida, não foram evidenciadas alterações na QV das idosas quando avaliadas com o questionário específico MINICHAL.

  9. Avaliacao da espessura medio-intimal em pacientes com doenca renal cronica nao dialitica: estudo prospectivo de 24 meses

    Andrea Gaspar Marcos

    2014-03-01

    Full Text Available Introdução: O aumento da espessura média-intimal (EMI avaliada por ultrassom é um preditor de risco cardiovascular na população geral. Porém, em pacientes com doença renal crônica nos estágios iniciais, essa associação ainda não está bem estabelecida. Objetivo: Avaliar a associação EMI com a ocorrência de eventos cardiovasculares e mortalidade em pacientes nos estágios iniciais da doença renal crônica. Métodos: A análise post hoc de uma coorte de pacientes nos estágios 2-4 da DRC. Foram avaliados dados laboratoriais, ultrassom da artéria carótida e tomografia coronariana no início do estudo e a ocorrência de óbito, em seguimento por 24 meses. Resultados: Um total de 117 pacientes (57 ± 11 anos, 61% sexo masculino foram avaliados. A taxa de filtração glomerular foi 36 ± 17 mL/min, 96% dos pacientes eram hipertensos, 23% diabéticos e 27% obesos. Calcificação arterial coronariana esteve presente em 48% dos pacientes, sendo mais prevalente em pacientes nos estágios mais avançados da DRC (p = 0,02. EMI foi 0,6 mm (0,4-0,7 mm. Comparado aos pacientes com EMI < 0,6mm, aqueles com EMI ≥ 0,6 mm eram mais velhos (p = 0,001, apresentavam maior prevalência do sexo masculino (p = 0,001, menor taxa de filtração glomerular (p = 0,01 e maior proporção de pacientes com calcificação (p = 0,001. Não foi observada relação entre a espessura média-intimal e a ocorrência de evento cardiovascular e óbito. Conclusão: A espessura médio-intimal em pacientes DRC se associou à calcificação coronariana, mas não à ocorrência de eventos cardiovasculares e óbito, em um seguimento de 24 meses.

  10. Caracterização epidemiológica de pacientes hipertensos usuários de uma unidade básica de saúde da região Norte

    Jéssica Andréa Silva das Chagas

    2016-10-01

    Full Text Available Objetivo: Caracterizar quanto ao perfil epidemiológico os hipertensos usuários da Unidade Básica de Saúde da UNIFAP. Métodos: Pesquisa descritiva e transversal, na qual foi utilizado um questionário para registro de dados sócio demográficos e clínicos, através de fontes secundárias. Resultados alcançados: Dos 49 hipertensos, a maioria era do sexo feminino, entre 43 e 53 anos, casada, com escolaridade até o ensino fundamental incompleto e renda de 1 a 2 salários mínimos. Quanto às características clínicas, a maioria tinha de 1 a 5 anos de diagnóstico e o fator de risco predominante foi a antecedência familiar, seguido de sedentarismo, estresse e obesidade. Entre as complicações da doença, o Acidente Isquêmico Transitório foi o mais relatado. 75,5% faziam uso de medicação, sendo o principal medicamento a Losartana. Apenas 10,2% praticavam exercícios e 36,7% faziam dieta balanceada. A maioria apresentou Hipertensão Estágio I (32,7% e Obesidade I (28,6%. Conclusão: Há necessidade de se enfatizar o tratamento da hipertensão em suas esferas nutricional, medicamentosa e na prática de atividades físicas, devido à incidência significativa de obesidade. Observa-se também a importância da equipe multidisciplinar e de se considerar os fatores sócio demográficos e clínicos ao realizar a promoção da saúde e o tratamento dos pacientes. Palavras - chave: Hipertensão. Perfil epidemiológico. Epidemiologia descritiva. Promoção da saúde.

  11. Tratamento do canal arterial persistente em neonatos prematuros: análise de 18 casos Treatment of patent ductus arteriosus in neonate premature: analysis of 18 cases

    Wagner Ciongoli

    1993-12-01

    Full Text Available A presente investigação tem o propósito de analisar, retrospectivamente, os resultados obtidos em 18 pacientes neonatos prematuros, submetidos a operação para oclusão da PCA, no período entre julho de 1990 e dezembro de 1993 (42 meses, sendo 12 (66,6% pacientes do sexo feminino, com idade que variou entre 10 e 44 (20,8±8,3 dias, idade gestacional entre 26 e 28 (27,2±0,9 semanas. No dia da operação o peso dos pacientes esteve compreendido entre 700 e 1380 (985,8±181,6 gramas. A insuficiência respiratória aguda ocorreu em todos os pacientes sendo a principal indicação cirúrgica, estando em 6 (33,3% pacientes associada à insuficiência cardíaca congestiva. A indometacina endovenosa foi utilizada no período pré-operatório em 9 (50% pacientes na tentativa de se obter o fechamento farmacológico, sem sucesso, do canal arterial e apesar de não influenciar nos resultados pós-operatórios, apresentou como principal efeito secundário a redução significativa da diurese (p 40% 60% (p=0,033. O período de internação hospitalar variou de 43 a 157 (96,0±24,8 dias. Não houve mortalidade operatória, observando-se ainda baixa morbidade com este método. As causas de óbito, no período pós-operatório, não estiveram relacionadas com o tratamento cirúrgico. Pode-se concluir que a ligadura cirúrgica da PCA, nos pacientes neonatos e prematuros, é método eficaz e seguro podendo ser praticado com baixa morbidade e mortalidade.The purpose of our study was to analyse the results obtained in 18 neonate premature patients who underwent surgical closure of the patent ductus arteriosus, between July 1990 and December 1993 (42 months. Twelve (66.6% patients were female, with age between 10 and 44 (20.8±8.3 days, gestacional age ranged from 26 to 28 (27.2±0.9 weeks. In the surgery day the birth weight was between 700 and 1380 (985.8 ±181.6 grams. Acute respiratory insufficiency was present in all patients, as the principal surgical

  12. Concentração de homocisteína em pacientes portadores de doença arterial periférica atendidos em um serviço público de saúde Level of homocysteine in patients with peripheral arterial disease treated at a public health care facility

    Luciene de Souza Venâncio

    2009-12-01

    Full Text Available Contexto: Estudos recentes indicam que a concentração elevada de homocisteína é um fator de risco importante e prevalente para doença vascular aterosclerótica coronariana, cerebral e periférica. Objetivo: Tendo em vista a escassez de informações relacionadas à hiper-homocisteinemia em doença arterial periférica (DAP no Brasil e as peculiaridades de nossa população, o objetivo deste estudo foi avaliar a frequência de hiper-homocisteinemia em amostra dessa população em um ensaio clínico com indivíduos portadores e não portadores de DAP atendidos em um serviço público brasileiro. Métodos: Foi realizado um estudo ensaio clínico caso-controle com 40 indivíduos portadores de DAP confirmada por Doppler ultrassom (grupo DAP em comparação com 20 indivíduos voluntários sem DAP (grupo-controle. Resultados: A DAP predominante foi a isquemia crônica de membros (75%. As concentrações plasmáticas medianas de homocisteína de jejum foram significantemente maiores no grupo DAP do que no grupo-controle (16,7 versus 12,9 µmol/L, p = 0,001, tanto nos homens (18,9 versus 14,0 µmol/L, p = 0,005 quanto nas mulheres (13,9 versus 11,2 µmol/L, p = 0,025. Quanto à proporção de indivíduos com hiper-homocisteinemia, observou-se tendência a uma maior frequência no grupo DAP (60% em relação ao grupo-controle (30% (p = 0,054. Nos indivíduos com idade inferior a 60 anos foram encontrados valores medianos de homocisteína significantemente mais elevados no grupo DAP (p = 0,041. Conclusões: A hiper-homocisteinemia é um fator de risco importante e foi encontrada em 60% dos indivíduos portadores de DAP atendidos em um serviço público no Brasil.Background: Recent studies have suggested that high level of homocysteine is an important and prevalent risk factor for coronary, cerebral and peripheral arterial disease. Objective: In light of the lack of information on hyperhomocysteinemia in peripheral arterial disease (PAD in Brazil and

  13. Uso racional de medicamentos entre indivíduos com diabetes mellitus e hipertensão arterial no município do Rio de Janeiro, Brasil

    Luiz Villarinho Pereira Mendes

    2014-06-01

    Full Text Available Este estudo tem como objetivo o uso racional de medicamentos (URM entre indivíduos com Hipertensão Arterial (HA e/ou Diabetes Mellitus (DM atendidos em unidades básicas de saúde no município do Rio de Janeiro. Trata-se de estudo transversal utilizando os dados de inquérito domiciliar realizado de janeiro a fevereiro de 2010. Foram elaborados indicadores para mensurar a taxa de adesão ao tratamento, automedicação e cuidados domiciliares relacionados aos medicamentos. O tratamento dos dados incluiu análise uni e multivariada. Dos 547 pacientes entrevistados, 77,5% relataram não costumar deixar sobrar medicamentos e 80,3% relataram não costumar esquecer de tomá-los. Quase a totalidade dos entrevistados relataram apenas tomar medicamentos prescritos por prescritores. Metade dos pacientes não tinham medicamentos com validade vencida ou embalagem danificada no domicílio. Os testes estatísticos mostraram que houve maior uso racional entre hipertensos, indivíduos casados, que trabalham, que referem receber orientações de seu médico sobre dieta e exercício físico e que não faltaram a consultas na unidade básica de saúde nos 6 meses anteriores à pesquisa. O achados reforçam a importância da atenção primária em saúde para a promoção do URM.

  14. Amiodarona causa vasodilatação dependente do endotélio em artérias coronárias caninas Amiodarone causes endothelium-dependent vasodilation in canine coronary arteries

    Alfredo José Rodrigues

    2005-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar os efeitos vasodilatadores da amiodarona em artérias coronárias caninas empregando soluções de amiodarona dissolvida em polisorbato 80 ou em água. MÉTODOS: Anéis de artéria coronária, com e sem o endotélio íntegro, foram imersos em solução de krebs e conectadas a um transdutor para aferição de força isométrica promovida por contração vascular. As artérias foram expostas a concentrações crescentes de polisorbato 80, amiodarona dissolvida em água, amiodarona dissolvida em polisorbato 80 e uma apresentação comercial da amiodarona (Cordarone®. Os experimentos foram conduzidos na presença e na ausência dos seguintes bloqueadores enzimáticos: apenas indometacina, Nômega-nitro-L-arginina associada à indometacina e apenas Nômega-nitro-L-arginina. RESULTADOS: O polisorbato 80 causou pequeno relaxamento não dependente do endotélio. O Cordarone®, a amiodarona dissolvida em água e em polisorbato 80 promoveram relaxamento dependente do endotélio, que foi de maior magnitude para a amiodarona dissolvida em polisorbato e para o Cordarone®. Apenas a associação de indometacina com a Nômega-nitro-L-arginina foi capaz de abolir o relaxamento dependente do endotélio provocado pela amiodarona dissolvida em polisorbato 80. CONCLUSÃO: Os resultados obtidos indicam que a vasodilatação promovida pela amiodarona em artérias coronárias caninas é causada principalmente pela estimulação da liberação de óxido nítrico e fatores endoteliais relaxantes dependentes das ciclo-oxigenases.OBJECTIVE: To assess the vasodilating effects of amiodarone on canine coronary arteries by using solutions of amiodarone dissolved in polysorbate 80 or water. METHODS: Rings of coronary arteries, with or without intact endothelium, were immersed in Krebs solution and connected to a transducer for measuring the isometric force promoted by a vascular contraction. The arteries were exposed to increasing concentrations of

  15. El radiorenograma en la hipertensión arterial nefrógena

    Cárcamo Brado de La Rueda, Víctor

    2014-01-01

    Han sido estudiados 43 pacientes hipertensos, todos ellos con presiones arteriales sobre 150 la sistólica y 90 la diastólica. 14 de estos pacientes ignoraban tener hipertensión arterial, la cual fue encontrada al hacer el examen físico del paciente. Se han practicado pruebas de función renal (Depuración de creatinina, excreción de fenolsulfotaleína, depuración uréica, dosaje de úrea y creatinina sanguínea, prueba de Addis), urografía excretoria, aortografías, electrocardiograma, examen de fo...

  16. Comparação entre nifedipina por via sublingual e clonidina por via venosa no controle de hipertensão arterial peri-operatória em cirurgias de catarata

    Stocche Renato Mestriner

    2002-01-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Estudo recente mostra que a clonidina por via venosa apresenta-se eficaz e segura no tratamento de crises hipertensivas durante cirurgia de catarata. Este estudo visa comparar o uso de nifedipina, droga amplamente utilizada por via sublingual, e clonidina por via venosa no controle da hipertensão arterial em cirurgias de catarata. MÉTODO: Setenta e cinco pacientes submetidos à facectomia foram distribuídos de forma aleatória e encoberta em: Grupo A, que recebeu nifedipina e Grupos C2 e C3, que receberam, respectivamente, 2 e 3 µg.kg-1 de clonidina por via venosa. Todos os pacientes apresentavam hipertensão arterial (PAS > 170 mmHg ou PAD > 110 mmHg. As PAS, PAD e freqüência cardíaca (FC foram medidas e comparadas nos momentos: 0 (antes do tratamento e de 2 em 2 minutos até o final do procedimento. Os eventos adversos foram anotados. RESULTADOS: Após o tratamento ocorreram diminuições da PAS e PAD nos 3 grupos (p <0,001. Houve controle da pressão arterial (<160 mmHg em 32%, 64% e 72% dos pacientes nos grupos A, C2 e C3, respectivamente (p < 0,05. No grupo C3 ocorreu maior incidência de efeitos colaterais que nos grupos C2 e A (p < 0,05. CONCLUSÕES:A clonidina por via venosa é mais eficaz que a nifedipina, por via sublingual, no controle de crises hipertensivas no peri-operatório de cirurgias de catarata. Contudo, a dose de 3 µg.kg-1 pode estar relacionada a efeitos colaterais, devendo-se iniciar o tratamento com 2 µg.kg-1.

  17. EFECTO DE UN PLAN DE ENTRENAMIENTO FÍSICO EN EL CONSUMO MÁXIMO DE OXÍGENO (VO2MÁX Y EL PESO EN PACIENTES HIPERTENSOS ADULTOS MAYORES ADSCRITOS A LA IPS CAJASAN (BUCARAMANGA

    Jorge Luis Pérez Sierra

    2014-11-01

    Full Text Available El ejercicio físico adquiere cada vez más importancia en el tratamiento de los pacientes con hipertensión arterial, sobrepeso y obesidad. Desde hace más de cinco décadas se sabe que el ejercicio físico tiene efectos favorables en el tratamiento de la hipertensión arterial y otros factores de riesgo, es coadyuvante en el tratamiento de las enfermedades cardiovasculares y favorece el consumo máximo de oxígeno (VO2máx. El objetivo de este trabajo fue determinar el efecto de un plan de entrenamiento físico sobre el VO2máx y el peso en adultos mayores hipertensos adscritos a la IPS Cajasan Bucaramanga. Es una investigación cuasiexperimental, se tomaron cuarenta pacientes entre 60 y 75 años, en dos grupos iguales, uno con entrenamiento aeróbico, fuerza y flexibilidad (intervención, el otro, caminata diaria, (control, con duración de doce semanas. Se tomó pretest y postest con prueba de esfuerzo, peso, índice de masa corporal, perímetro de cintura. Se compararon los resultados. En el grupo intervención, el VO2máx aumentó 27%, el peso disminuyó 2,2 %, el perímetro de cintura bajó el 2%. En el grupo control no hubo cambios significativos.

  18. Doplervelocimetria das artérias oftálmica e central da retina em gestantes normais Dopplervelocimetry of ophthalmic and central retinal arteries in normal pregnancies

    Angélica Lemos Debs Diniz

    2005-04-01

    Full Text Available OBJETIVOS: avaliar os padrões dos índices doplervelocimétricos das artérias oftálmica e central da retina durante o segundo e terceiro trimestres da gestação normal e comparar os valores obtidos do olho direito e esquerdo das gestantes. MÉTODOS: estudo transversal no qual se avaliaram seis índices doplervelocimétricos das artérias central da retina e oftálmica em 51 gestantes normais, com idades gestacionais entre a 20ª e a 38ª semana. As variáveis analisadas foram os índices de resistência e pulsatilidade (IR, IP, os picos de velocidade sistólica e diastólica (PVS, PVD e a razão entre picos de velocidade (RPV. A análise dos índices doplervelocimétricos dos olhos direito e esquerdo foi realizada utilizando-se a mediana dos valores. Para a comparação dos valores dos índices entre os dois olhos das gestantes, utilizou-se o teste t de Student para dados pareados. A associação entre a idade gestacional e os índices foi testada empregando-se o coeficiente de correlação linear de Pearson. Adotou-se o nível de significância de 5% para os testes estatísticos. RESULTADOS: a mediana dos índices doplervelocimétricos das artérias oftálmica e central da retina foram, respectivamente: IP=1,83; IR=0,78; PVS=34,20; PVD=6,80; RPV=0,48 e IP=1,34; IR=0,70; PVS=7,40; PVD=2,10. Não houve diferenças na análise comparativa dos índices doplervelocimétricos entre os olhos direito e esquerdo das gestantes normais. O coeficiente de correlação linear entre a idade gestacional e os índices de ambas as artérias não mostrou diferença significante durante a gestação normal. CONCLUSÃO: é factível a análise unilateral dos índices doplervelocimétricos das artérias oftálmica e central da retina no estudo de doenças maternas sistêmicas. Não há mudança significativa dos índices doplervelocimétricos das artérias oftálmica e central da retina ao longo da gestação normal entre a 20ª e a 38ª semana.PURPOSE: to

  19. Percepção da equipe de enfermagem sobre hipertensão arterial em uma Unidade de Pronto Atendimento no Estado do Pará

    Elke Tatiane Almeida Figueira

    2016-10-01

    Full Text Available No Brasil a Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS tem sido um grave problema de saúde pública relacionada principalmente ao não diagnóstico e tratamento adequado. O objetivo é avaliar o conhecimento da equipe de enfermagem que atua na Unidade de Pronto Atendimento (UPA, no município de Santarém, Pará, a respeito das crises hipertensivas. Trata-se de uma pesquisa de campo, qualitativa e descritiva com embasamento bibliográfico, realizada na UPA no município de Santarém, devidamente aprovada pelo Comitê de Ética em pesquisa. A fonte de informação da pesquisa foram os enfermeiros e técnicos de enfermagem que atuam na Unidade de Pronto Atendimento, constituindo um n=34 profissionais. Foi aplicado um questionário composto de dez perguntas fechadas, cujas respostas forneceram todas as informações necessárias para o desenvolvimento, evolução, e conclusão desta pesquisa. A presente pesquisa revelou que 79,5% dos entrevistados eram do sexo feminino, com idades entre 30 a 40 anos representando 47% dos colaboradores, destes 52,9% possuem nível superior enquanto que apenas 47,1% atuam como enfermeiros dentro da UPA. Pode-se perceber que 85,3% dos profissionais se sentem preparados para atender qualquer paciente em crise hipertensiva, 64,7% disseram que a HAS pode ser identificada através de mal-estar, cefaleia, dor na nuca e epigastralgia, 88,2% responderam que o diagnóstico é feito através da verificação da Pressão Arterial 47% dos entrevistados descreveram ser acidente Vascular Cerebral (AVC, edema profundo de olho, aneurisma aórtico, infarto do miocárdio, convulsões. Diante do presente estudo foi possível obter um resultado satisfatório com relação aos profissionais, por identificar que os colaboradores da UPA possuem um bom conhecimento sobre crise hipertensiva, e sabem a forma correta de prestar qualquer tipo de atendimento relacionado a temática estudada.Perception of the nursing team Arterial Hypertension

  20. Efeitos da exposição à fumaça lateral do cigarro sobre o barorreflexo em ratos adultos Efectos de la exposición al humo lateral del cigarrillo sobre el barorreflejo en ratones adultos Sidestream cigarette smoke exposure effects on baroreflex in adult rats

    Vitor E. Valenti

    2011-02-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Tem sido demonstrado na literatura que a exposição à fumaça do cigarro causa hipertensão em ratos; entretanto, ainda não foi demonstrado se a função barorreflexa está prejudicada antes do animal se tornar hipertenso. OBJETIVO: Avaliamos os efeitos de curto prazo da exposição à fumaça lateral do cigarro (FLC sobre a função barorreflexa em ratos Wistar normotensos. MÉTODOS: Os ratos foram expostos à FLC durante três semanas, 180 minutos, cinco dias por semana, a uma concentração de monóxido de carbono entre 100-300 ppm. A pressão arterial média (PAM e a freqüência cardíaca (FC foram avaliadas através de canulação da veia e artéria femoral. RESULTADOS: Não houve diferença significante entre os grupos controle e FLC em relação à MAP e FC, componentes simpáticos e parassimpáticos da função barorreflexa. CONCLUSÃO: Nossos dados sugerem que três semanas de exposição à FLC não são suficientes para causar dano significante aos parâmetros cardiovasculares e sensibilidade barorreflexa em ratos Wistar normotensos.FUNDAMENTO: Ha sido demostrado en la literatura que la exposición al humo del cigarrillo causa hipertensión en ratones; entre tanto, aun no fue demostrado si la función barorreflexa está perjudicada antes que el animal se vuelva hipertenso. OBJETIVO: Evaluamos los efectos de corto plazo de la exposición al humo lateral del cigarrillo (HLC sobre la función barorreflexa en ratones Wistar normotensos. MÉTODOS: Los ratones fueron expuestos al HLC durante tres semanas, 180 minutos, cinco días por semana, a una concentración de monóxido de carbono entre 100-300 ppm. La presión arterial media (PAM y la frecuencia cardíaca (FC fueron evaluadas a través de canulación de la vena y arteria femoral. RESULTADOS: No hubo diferencia significativa entre los grupos control y HLC en relación a la MAP y FC, componentes simpáticos y parasimpáticos de la función barorreflexa. CONCLUSI

  1. Tratamientos psicologicos en la hipertension arterial

    Lilia Mabel Labiano

    2002-01-01

    Full Text Available En vista que las evidencias obtenidas acerca del beneticio percibido por los sujetos hipertensos leves con los tratamientos farmacológicos resultan conflictivas, se ha considerado importante para estos pacientes, la aplicación de intervenciones psicológicas y comportamentales. Se presentan en este trabajo, distintos tipos de tratamientos psicológicos que en los últimos años han demostrado su efectividad en la reducción de la presión arterial esencial. Se consideraron importantes para individuos hipertensos leves, la implementación de procedimientos tales como: la relajación, el entrenamiento autógeno, la retroalimentación biológica, la meditación, el Hatha -Yoga, la reestructuración cognitiva y el entrenamiento en habilidades sociales, porque contribuyeron a la reducción, no solo de los niveles hipertensivos sino también de los efectos adversos de la medicación farmacológica que afectan la calidad de vida. Es necesario evidentemente que el individuo generalice las estrategias aprendidas en el contexto clínico-experimental, a los diferentes contextos vitales. La técnica empleada, las características del terapeuta y el tipo de personalidad del paciente son componentes principales en la determinación del éxito del tratamiento. La práctica diaria sostenida fuera del contexto clínico, es un elemento de crucial importancia para el mantenimiento de la mejoría lograda.

  2. Associação entre diabetes mellitus e gravidade da doença arterial coronariana em pacientes submetidos a intervenção coronária percutânea

    Simone de Souza Fantin

    2012-10-01

    Full Text Available Introdução: O diabetes mellitus está associado a um risco aumentado de doenças cardiovasculares. Pacientes com diabetes submetidos à revascularização miocárdica por intervenção coronariana percutânea (ICP apresentam piores respostas ao tratamento, desenvolvendo mais complicações e reestenoses em curto e longo prazo. Objetivos: Avaliar a prevalência de diabetes mellitus buscando associação com a gravidade da doença arterial coronária (DAC em pacientes submetidos à ICP em centro de referência no sul do Brasil. Métodos: Estudo transversal. Avaliados todos os pacientes submetidos à ICP entre novembro/2006 e dezembro/2007 em hospital de referência. Aplicado questionário previamente ao procedimento e realizada glicemia capilar em jejum. Realizada regressão logística para avaliar a associação entre diabetes e DAC. Resultados: Foram realizadas 617 ICPs, implantados 718 stents em 569 indivíduos (1,32 stents por intervenção. Destes, 177 pacientes (32,2% foram considerados diabéticos. Características demográficas, fatores de risco para DAC, vaso-alvo, diâmetro do vaso e extensão da lesão foram semelhantes entre os grupos. Doença arterial coronária grave, categoria III e IV, foi encontrada em 51,2% dos pacientes com diabetes comparado com 37,6% dos sem diabetes (p< 0.001. Houve correlação significativa entre os níveis de glicemia e a gravidade da DAC (p<0,05. Conclusões: Existe associação entre a presença de diabetes e a gravidade angiográfica da DAC em pacientes submetidos à ICP, o que sugere que esta maior gravidade possa contribuir para os desfechos adversos nestes pacientes.

  3. Avaliação e comparação entre métodos de mensuração de pressão arterial sistólica em gatos hígidos conscientes

    T.M. Anjos

    2016-06-01

    Full Text Available RESUMO Após validação de dois diferentes métodos de mensuração de pressão arterial sistólica (PAS não invasivos ou indiretos (oscilométrico e Doppler vascular com o invasivo ou direto (cateterização arterial - padrão ouro em 12 gatos hígidos anestesiados de mesma faixa etária, os métodos não invasivos foram avaliados e comparados em 24 gatos hígidos e conscientes, divididos em quatro grupos de idade. Em cada animal, procedeu-se à mensuração da pressão pelos métodos Doppler e oscilométrico. O método oscilométrico foi o primeiro a ser realizado, e, logo em seguida, o método Doppler. Os valores considerados foram obtidos das médias de sete medidas consecutivas para cada método, com intervalo de 30 segundos entre elas. A primeira medida e as medidas discrepantes (variação ˃ 20% PAS, obtidas com sinais óbvios de estresse e/ou com movimentação do animal, foram descartadas. Os métodos de mensuração oscilométrico e Doppler, embora tenham apresentado médias estatisticamente diferentes em todos os grupos, quando comparados em cada grupo, apresentaram uma correlação significativa, alta e positiva. Ou seja, sempre que for obtido um valor elevado por um método, o mesmo fato ocorrerá com o outro método e vice-versa. Clinicamente, a diferença observada não é relevante, uma vez que a diferença média dos valores obtida pelos dois métodos, em cada grupo, foi menor que 1,1%.

  4. Hipertensão arterial - um problema de saúde pública

    Zélia Maria de Sousa Araújo Santos

    2011-12-01

    Full Text Available Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS é considerada um dos grandesproblemas para a saúde pública no Brasil, agravada por sua prevalência e detecção quase sempre tardia, além de constituir um dos principais fatores de risco para as doenças cardiovasculares e cerebrovasculares.A HAS, considerada “assassina silenciosa”, é o maior problema social dos países desenvolvidos e em muitos dos emergentes. Mesmo sendo conhecida a eficácia e efetividade de várias das medidas preventivas e de controle disponíveis, sejam ou não farmacológicas, a HAS continuará, por décadas, representando um dos maiores desafios em saúde e um dos maiores ônus para a pessoa hipertensa e para asociedade. Se o controle de casos existentes, assim como o controle e prevenção dos fatores de risco desta doença não forem implementadas, esta problemática irá afetar grande proporção da população em nosso país, a qual, em 2020, terá um aumento significativo de pessoas com mais de 60 anos.A HAS é uma síndrome multifatorial, multicausal e multisistêmica. Seuaparecimento está relacionado ao estilo de vida inadequado, considerando também os fatores constitucionais, como: sexo, idade, raça/cor e história familiar; e os ambientais, como: sedentarismo, estresse, tabagismo, alcoolismo, alimentação insalubre e obesidade. Mediante ao seu curso silencioso (assintomatologia, a pessoa poderá ser surpreendida por suas complicações, sendo necessário aprendera conviver com a cronicidade no seu cotidiano. Entretanto, este tipo de agravo é influenciado por vários determinantes, incluindo características da personalidade, mecanismos de enfrentamento utilizados, autoconceito e autoimagem, experiênciacom este agravo e atitudes dos cuidadores da área de saúde.Uma das dificuldades encontradas no atendimento às pessoas hipertensas é a falta de adesão ao tratamento, pois 50% dos hipertensos conhecidos não fazem nenhum tratamento e dentre aqueles que o

  5. Efectos de la consejería personalizada en la reducción de cifras tensionales en pacientes hipertensos esenciales severos, OMS I Effects of personalized counseling on the reduction of tension leves in patients with severe essential hipertension. WHO I

    Jasna Stiepovich Bertoni

    1994-01-01

    Full Text Available Se compararon dos sistemas de intervención para evaluar el efecto de la consejaría personalizada en pacientes hipertensos esenciales severos, OMS I, orientados a reducir cifras tensionales sistólicas, diastólicas y aumentar su autoestima. La variable independente como método de intervención tuvo una duración de 24 semanas. Se midiron variables despendientes: cifras tensionales y autoestima. Los resultados arrojaron que pacientes hipertensos esenciales severos OMS I, del grupo experimental disminuyeron en promedio más sus cifras tensionales y aumentaron en promedio más su autoestima que pacientes del grupo control, encontrándose también depencia entre peso y presión arterial. Consejería Personalizada demostró ser una estrategia de Enfermería exitosa, para este grupo de pacientes.Two intervention systems to evaluate the effect of personalized counseling in severe essential hypertensive patients OMS I, oriented to reduce systolic and diastolic tensional pressures and to increase self-esteem, were compared. The independent variable as an intervention method took place during 24 weeks. Dependent variables: tensional pressures and self-esteem were measured. The results showed that essential severe hypertensive patients OMS I of the experimental groups decreased the average of (the systolic and diastolic tensional pressures and increased their self-esteem more than patients of control group. Finding also a direct dependence between weight and tensional pressures Personalized Counseling showed to be a successful strategy of nursing for this group of patients.

  6. Enfermedad renal crónica en individuos hipertensos ≥60 años atendidos en Atención Primaria

    Betlem Salvador-González

    2017-07-01

    Conclusiones: Uno de cada 5 hipertensos sin enfermedad cardiovascular ≥60 años en atención primaria presentó disminución moderada del FGe. Además de la edad y el sexo, la albuminuria y la insuficiencia cardiaca fueron los principales factores asociados. A pesar de la mayor exposición a fármacos, el control de la PA fue inferior en ERC.

  7. Identificación de algunos factores de riesgo en ancianos hipertensos

    Yarima Beatriz Beatón Lobaina

    2013-11-01

    Full Text Available Se realizó una investigación descriptiva, de tipo transversal, de toda la población de más de 65 años de edad (4 865 pacientes, perteneciente al área de salud del Policlínico Docente "Armando García Aspurú" de Santiago de Cuba, de enero a noviembre del 2012, para identificar la frecuencia de algunos factores de riesgo que influyen en la aparición de la hipertensión arterial en estos ancianos, entre los cuales se incluyeron: hábito de fumar, consumo de alcohol, sedentarismo, obesidad (según índice de masa corporal y antecedentes familiares de hipertensión arterial. En la población estudiada predominó el sexo femenino, y sobresalieron el hábito de fumar y el consumo de alcohol, que fueron más frecuentes en los hombres. Sin embargo, el sedentarismo y la obesidad estuvieron presentes principalmente en las ancianas, y los antecedentes familiares de hipertensión arterial mostraron una frecuencia similar, sin diferencias en cuanto al sexo.

  8. Correção cirúrgica da persistência do canal arterial em crianças de baixo peso e neonatos Surgical treatment of patent ductus arteriosus in low-weight child and neonates

    Ciro Denevitz de Castro Herdy

    1996-09-01

    Full Text Available A persistência do canal arterial ocorre com freqüência em neonatos prematuros, provocando um grave quadro de disfunção cardiopulmonar. O tratamento envolve duas abordagens, sendo uma clínica e outra cirúrgica. A operação para a ligadura do canal arterial é praticada desde 1938. O enfoque clínico preconiza o uso da indometacina, com o intuito de promover a oclusão do canal arterial. O presente trabalho tem por objetivo avaliar os resultados obtidos com o tratamento cirúrgico da persistência do canal arterial, através de toracotomia e ligadura em 14 pacientes, incluindo crianças de baixo peso e neonatos prematuros com quadro clínico instável. A principal indicação cirúrgica, nestes casos, foi a presença de insuficiência respiratória aguda e insuficiência cardíaca. A técnica empregada foi a tripla ligadura do canal arterial. Nos 14 casos não obtivemos nenhum tipo de complicação e sem mortalidade. A presença de uma Unidade de Tratamento Intensivo Neonatal (U.T.I no Hospital foi de extremo valor no preparo dos pacientes e na evolução no período de pós-operatório. Este trabalho comprova a eficácia do método cirúrgico empregado, com baixas taxas de morbidade e mortalidade e a importância da U.T.I neonatal no acompanhamento dos pacientes.The patent ductus arterious frequently occurs in premature neonates causing serious cardiopulmonary disfunction. The treatment includes two options; one clinic and the other surgical procedure. The surgery for patent ductus arteriosus has been done since 1938. Clinical treatment with indometacin induces closure of the arteriosus ductus. The aim of the article is to analize the surgical results with thoractomy by triple-ligature of the ductus for the treatment of persistent ductus arteriosus in fourteen patients including low weight children and premature neonates with cardiopulmonary disfunction. The indications for surgery in these cases were respiratory distress and congestive

  9. Hipertensão arterial em idosos: prevalência, fatores associados e práticas de controle no Município de Campinas, São Paulo, Brasil

    Zaitune Maria Paula do Amaral

    2006-01-01

    Full Text Available Este estudo teve como objetivo avaliar a prevalência da hipertensão arterial referida em idosos de Campinas, São Paulo, Brasil, identificando os fatores associados, o uso de serviços de saúde e o conhecimento e as práticas quanto às opções do tratamento. Trata-se de estudo transversal, de base populacional, com amostra de conglomerados, estratificada e em múltiplos estágios. A análise dos dados referentes aos 426 indivíduos (sessenta anos e mais levou em conta o desenho amostral e o efeito do delineamento. A prevalência de hipertensão foi de 51,8% (46,4% nos homens e 55,9% nas mulheres e mostrou-se mais elevada em idosos: com menor escolaridade (55,9%, migrantes de outros estados (60,2% e com sobrepeso ou obesidade (57,2%. Os resultados indicam que os serviços de saúde estão garantindo o acesso ao atendimento médico (71,6% visitam o médico regularmente e aos medicamentos (86,7% tomam medicamento de rotina, sem distinção de nível sócio-econômico. Persistem, no entanto, desigualdades sociais quanto ao conhecimento e utilização de outras práticas de controle da pressão arterial, como dieta adequada e atividade física, que são insuficientemente utilizadas também pelos segmentos socialmente mais favorecidos.

  10. Influência do etanol das bebidas alcoólicas na aterosclerose em artérias carótidas extracranianas The influence of the ethanol in alcoholic beverages in the extracranial carotid arteries atherosclerosis

    Ibsen Thadeo Damiani

    2004-12-01

    Full Text Available Existem fortes evidências de menor incidência de doença cerebrovascular oclusiva, de aterosclerose coronariana e de outros vasos em indivíduos com consumo leve ou moderado de álcool. Este estudo procura analisar o efeito do etanol, em diferentes doses no comportamento da aterosclerose carotídea extracraniana. Através do ultrassom Doppler colorido, foram investigadas 328 artérias carótidas extracranianas, de homens e mulheres brancos, com mais de 35 anos de idade, normotensos, não tabagistas e sem as principais doenças que constituam fatores de risco para doenças cardiovasculares. Foram divididos de acordo com o consumo de álcool por semana (em mililitros em abstêmios, etilistas leves (1 a 100, moderados (101 a 300 e pesados (301 ou mais. Houve menor incidência de placas de aterosclerose e de estenose naqueles que ingeriram moderada quantidade. CONCLUSÃO: O estudo sugere uma ação protetora do álcool etílico para aterosclerose carotídea, quando ingerido em moderada quantidade.There is less incidence of occlusive cerebrovascular disease, of coronarian atherosclerosis and of other arteries with a light to moderate consumption of alcohol, suggesting that the same may occur with respect with the extracranial carotid arteries. Using color Doppler ultrasonography, we studied 328 extracranial carotid arteries of white male and females over 35 year old, with normal blood pressure, non-smokers and free of the main diseases make up the risk factors for cardiovascular diseases. They were stratified, according to the level of weekly alcohol consumption in milliliters (ml, in abstainers, light drinkers (1 to 100, moderate drinkers (101 to 300 and heavy drinkers (over 301. There was a lower incidence of atherosclerotic plaque and stenosis in the moderate drinkers. CONCLUSION: The study suggests that ethyl alcohol when drunk with moderation exerts a protective action from carotid atherosclerosis.

  11. Prevalencia de la hipertensión arterial en una comunidad del municipio Cárdenas

    José Adolfo Casteñanos Arias

    2000-01-01

    Full Text Available Se realizó un estudio sobre la hipertensión arterial mediante una muestra simple aleatoria a 208 pacientes mayores de 15 años de una comunidad del municipio Cárdenas, provincia de Matanzas en los meses de enero de 1995 a febrero de 1996. Se analizaron diferentes variantes como sexo, edad, antecedentes familiares de enfermedad hipertensiva, comportamiento de la tensión arterial sistólica y diastólica de acuerdo con diferentes grupos de edades, uso del tratamiento hipertensivo y control de la hipertensión arterial; así como hallazgos electrocardiográficos más importantes en pacientes hipertensos. Se encontró el 29,8 % de prevalencia y 12,9 % de incidencia. No existieron diferencias notables en hipertensos de los dos sexos, pero sí aumentó ésta a medida que aumentaba la edad, controlándose sólo el 8,5 % de ellos.A study on arterial hypertension was carried out using a simple random sample of 208 patients over 15 years of age from a community of the Cardenas municipality, Matanzas province, during the months from January 1995 through February of 1996. Different variables were analyzed such as sex, age, family antecedents of hypertension, behavior of systolic and diastolic arterial tension according to different age groups, use of hypertension treatment and arterial hypertension control, as well as the most important electrocardiographic findings in hypertension patients. It was found a 29.8 % of prevalence and a 12.9 % of incidence. There were no marked differences in hypertension patients of both sexes, but there was an increase of differences when analyzing the age factor, being controlled only the 8.5 % of the cases.

  12. Hipotensão arterial em cirurgia de revascularização do miocárdio: influência dos inibidores da enzima conversora de angiotensina Hipotensión arterial en cirugía de revascularización del miocardio: influencia de los inhibidores de la enzima conversora de angiotensina Arterial hypotension in myocardial revascularization surgery: influence of angiotensin-converting enzyme inhibitors

    Míriam Gomes Jordão

    2002-04-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Os inibidores da enzima conversora da angiotensina (IECA são drogas muito utilizadas em estados hipertensivos e insuficiência cardíaca. Seu uso prolongado pode acarretar instabilidade hemodinâmica com episódios hipotensivos durante a indução anestésica. O objetivo deste estudo é comparar a incidência de hipotensão arterial em pacientes cronicamente tratados com IECA com pacientes não tratados com IECA, quando submetidos à anestesia para cirurgia de revascularização do miocárdio. MÉTODO: Participaram do estudo 50 pacientes, estado físico ASA II, III e IV, divididos em dois grupos: Grupo 1 - pacientes tratados com IECA por mais de dois meses e Grupo 2 - pacientes que não fazem uso de IECA. Os parâmetros avaliados foram pressão arterial média (PAM, freqüência cardíaca (FC, sendo anotados os menores valores da PAM e FC verificados em diferentes períodos da anestesia, e análise do segmento ST em D II e V5. Durante a CEC, foi determinada a resistência vascular sistêmica. RESULTADOS: A incidência de hipotensão arterial em pacientes anestesiados em uso de IECA foi maior do que no grupo controle em vários períodos da anestesia, mas principalmente na indução anestésica. Neste grupo foi necessário o uso de dopamina por tempo mais prolongado. Dos 26 pacientes tratados previamente com IECA, 23% necessitaram de drogas para correção da hipotensão desde a indução até a CEC e 19,1% em outros períodos da anestesia, perfazendo um total de 42,3%. No grupo controle nenhum paciente necessitou infusão contínua de drogas para aumentar a pressão arterial sistêmica, da indução até a CEC. Porém, 21% dos pacientes deste grupo necessitaram dopamina ou araminol em um ou mais períodos da anestesia. CONCLUSÕES: Neste estudo, os pacientes tratados com IECA, por tempo prolongado, apresentam maior incidência de hipotensão arterial na indução anestésica, necessitando, com maior freqüência, de

  13. Pressão arterial de 24 horas em mulheres idosas normotensas e com hipertensão do avental branco Presión arterial de 24 horas en mujeres mayores normotensas y con hipertensión de la bata blanca 24-hour blood pressure in normotensive elderly women and elderly women with white-coat hypertension

    Paulo Rogério W. Hekman; Juarez N. Barbisan; Honório S. Menezes; Vicente Antonello

    2010-01-01

    FUNDAMENTO: Mudanças no comportamento do ritmo circadiano podem ser deletérias, levando à lesão de órgãos-alvo, o que sugere ser de importante significado prognóstico e, eventualmente, podem também demandar intervenção terapêutica. OBJETIVO: Descrever e comparar os ritmos circadianos de pressão arterial (PA) entre mulheres idosas normotensas e portadoras de hipertensão do avental branco (HAB). MÉTODOS: Estudo transversal em uma amostra de 36 pacientes, com idades entre 60-83 anos, submetidas ...

  14. Prescrição de terapias baseadas em evidências para pacientes de alto risco cardiovascular: estudo REACT

    Otávio Berwanger

    2013-03-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Dados de atendimento ambulatorial ao paciente de alto risco cardiovascular no Brasil são insuficientes. OBJETIVO: Descrever o perfil e documentar a prática clínica do atendimento ambulatorial de pacientes de alto risco cardiovascular no Brasil, no que diz respeito à prescrição de terapias baseadas em evidências. MÉTODOS: Registro prospectivo que documentou a prática clínica ambulatorial de indivíduos de alto risco cardiovascular, que foi definido como a presença de um dos seguintes fatores: doença arterial coronariana, cerebrovascular e vascular periférica; diabetes; ou aqueles com pelo menos três dos seguintes fatores: hipertensão arterial, tabagismo, dislipidemia, maiores 70 anos, histórico familiar de doença arterial coronariana, nefropatia crônica ou doença carotídea assintomática. Foram avaliadas características basais e a taxa de prescrição das intervenções medicamentosas e não medicamentosas. RESULTADOS: Foram incluídos 2.364 pacientes consecutivos, sendo 52,2% do gênero masculino, idade média de 66,0 anos (± 10,1. Dentre os pacientes incluídos, 78,3% utilizavam antiplaquetários, 77,0% estatinas e, dos pacientes com história de infarto do miocárdio, 58,0% receberam betabloqueadores. O uso concomitante destas três classes foi de 34%. Não atingiram as metas preconizadas pelas diretrizes 50,9% dos hipertensos, 67% dos diabéticos e 25,7% dos dislipidêmicos. Os principais preditores de prescrição de terapias com benefício comprovado foram centro com cardiologista e histórico de doença arterial coronariana. CONCLUSÃO: Este registro nacional e representativo identificou hiatos importantes na incorporação de terapias com benefício comprovado, oferecendo um panorama real dos pacientes de alto risco cardiovascular.

  15. ¿Qué hacemos con un hipertenso de edad avanzada?

    Nancy Guinart Zayas

    Full Text Available Constituye la hipertensión arterial un problema médico de primera magnitud, no solo por las consecuencias que provoca, fundamentalmente complicaciones de tipo cardiovascular (infarto del miocardio, arteriopatías periféricas, infarto cerebral, nefroangioesclerosis, etc., sino también por ser una alteración muy frecuente en los pacientes de edad avanzada, en los que constituye el principal factor de riesgo cardiovascular. Su detección precoz está a cargo de los Médicos de Familia.

  16. A interdisciplinaridade como estratégia na prevenção da hipertensão arterial sistêmica em crianças: uma revisão sistemática

    Luana Bernardi

    Full Text Available Resumo Foram avaliadas, sistematicamente, pesquisas que desenvolveram ações interdisciplinares em escolas, visando modificar os níveis de pressão arterial ou o consumo de sal e/ou sódio por crianças. Foram incluídos estudos disponíveis nas bases de dados PubMed, ScienceDirect e Lilacs, associando-se as palavras-chave: intervention study, nutrition intervention, school children, school health, blood pressure, sodium e salt. A busca incluiu artigos em português, inglês e espanhol dos últimos 15 anos que tiveram como participantes crianças pré-escolares ou escolares. Com relação à mudança nos níveis de pressão arterial, foram identificados sete trabalhos com resultados positivos e significativos e seis que não apresentaram alteração. Quanto à modificação na ingestão de alimentos com alto teor de sal e/ou sódio, quatro trabalhos apresentaram resultados positivos e significativos e um sem sucesso. Concluiu-se que as intervenções que utilizam educação nutricional combinadas com atividade física predominam na literatura. Sendo que estas ações demonstraramse mais efetivas quando realizadas por um período longo de tempo.

  17. Estudio de la incidencia de hipertensión arterial en los adultos de 20 consultorios del Policlínico Lawton en 1992

    Betsy M Coro García

    1996-08-01

    Full Text Available Se realizó un estudio sobre la incidencia de hipertensión arterial en los adultos del Policlínico Lawton durante 1992. Se seleccionó al azar el 40 % de los consultorios del Policlínico y se revisaron las historias clínicas de los adultos diagnosticados como hipertensos para obtener datos y corroborar el diagnóstico. Se encontró una incidencia de la enfermedad de 9 por 1000 y ésta aumentaba con la edad; la mayoría de los hipertensos eran ligeros y el 48 % no estaban clasificados en estados. El 95 % de los hipertensos tenía al menos algún factor de riesgo de la enfermedad y los factores de riesgo se asociaron también con las complicaciones. Se recomienda la pesquisa activa de la enfermedad en todos los pacientes atendidos por el médico de la familia.

  18. Raça e lesão de órgãos-alvo da hipertensão arterial em pacientes atendidos em um ambulatório universitário de referência na cidade de Salvador Race and hypertensive target-organ damage in patients from an university-affiliated outpatient care referral clinic in the city of Salvador

    Antonio Carlos Beisl Noblat

    2004-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar se a raça do paciente estaria associada à presença de hipertrofia ventricular esquerda, acidente vascular cerebral e insuficiência renal crônica em hipertensos atendidos em ambulatório de referência em Salvador-BA. MÉTODOS: Analisados dados de 622 pacientes com o primeiro atendimento em ambulatório de hipertensão, entre 1982 e 1986, e identificados os com história prévia ou seqüela de acidente vascular cerebral, hipertrofia ventricular esquerda ou insuficiência renal (creatinina sérica > 1,4 mg/dL. Modelos de regressão logística foram utilizados para estimar odds ratio (OR da associação entre raça (mulatos ou negros vs brancos e lesão de órgãos-alvo de hipertensão, ajustadas para sexo e idade. RESULTADOS: A média de idade dos pacientes foi 53,8±14,3 anos, 74,1% mulheres. Quanto à raça, 15,1% eram brancos, 65,9% mulatos e 19,0% negros. Acidente vascular cerebral foi significantemente mais freqüente em negros ou mulatos do que em brancos (odds ratio ajustada (ORa=3,44; intervalo de confiança (IC 95%=1,23-9,67. Quanto às associações envolvendo raça com os eventos hipertrofia ventricular esquerda e insuficiência renal as ORa não foram estatisticamente significantes, mas foram consistentes com maior prevalência de hipertrofia ventricular esquerda e insuficiência renal em negros e mulatos. CONCLUSÃO: Negros e mulatos hipertensos têm maior risco de lesão de órgão alvo do que brancos, com diferença racial maior para acidente vascular cerebral não fatal. Deve ser avaliada se diferenças raciais em mortalidade relacionada a complicações da hipertensão influenciam as associações observadas entre raça e lesão de órgãos-alvo.OBJECTIVE: To assess whether a patient's race is associated with the presence of left ventricular hypertrophy, stroke, and renal failure in hypertensive patients from an outpatient care referral clinic in the city of Salvador in the state of Bahia. METHODS: We

  19. Hipertensión arterial mineralocorticoidea

    Carlos E. Fardella B., Dr.

    2013-09-01

    Full Text Available La hipertensión arterial (HTA dependiente de mineralocorticoides representa actualmente una de las formas secundarias de hipertensión más prevalentes. Entre las causas más conocidas está el hiperaldosteronismo primario (HAP. A nivel renal, la aldosterona reabsorbe sodio y agua aumentando el volumen intravascular y la presión arterial. Actualmente la prevalencia de HAP, detectada por la razón aldosterona/actividad renina plasmática (ARR que es considerado el mejor test de screening, es cercana al 10% en población hipertensa. Por otra parte, defectos congénitos o adquiridos en la enzima 11β-Hidroxiesteroide deshidrogenasa tipo 2 (11β-HSD2 resultan en una ineficiente inactivación de cortisol a cortisona favoreciendo la aparición de hipertensión por activación del receptor mineralocorticoideo. La actividad de esta enzima se evalúa midiendo la razón cortisol/cortisona en suero o en orina de 24 horas. Recientemente, hemos observado déficit parciales de la actividad de la enzima 11β-HSD-2 en alrededor del 15% de los pacientes hipertensos esenciales los que podrían ser tratados con bloqueadores específicos del receptor mineralocorticoide y/o con corticoides de acción prolongada sin actividad mineralocorticoide como dexametasona o betametasona.

  20. Velocidade da onda de pulso, pressão arterial e adipocitocinas em adultos jovens: estudo do Rio de Janeiro Pulse wave velocity, blood pressure and adipocytokines in young adults: the Rio de Janeiro study

    Oswaldo Luiz Pizzi

    2013-01-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Dados sobre a avaliação não invasiva vascular e suas relações com variáveis de risco cardiovascular são escassos em jovens. OBJETIVO: Avaliar a relação entre a velocidade de onda de pulso e a pressão arterial,variáveis antropométricas e metabólicas, incluindo as adipocitocinas, em indivíduos adultos jovens. MÉTODOS: Foram avaliados 96 indivíduos (51 homens do estudo do Rio de Janeiro, de 26 a 35 anos (média 30,09 ± 1,92. Foram obtidos a velocidade de onda de pulso (método Complior, pressão arterial, índice de massa corporal, glicose, perfil lipídico, leptina, insulina, adiponectina e o índice de resistência à insulina HOMA-IR. Os indivíduos foram estratificados em três grupos segundo o tercil da VOP para cada sexo. RESULTADOS: O grupo com maior tercil de VOP mostrou maiores médias de pressão arterial sistólica, pressão arterial diastólica, pressão arterial média, índice de massa corporal, insulina, HOMA-IR e menores médias de adiponectina, além de maiores prevalências de diabetes mellitus/intolerância à glicose e hiperinsulinemia. Houve correlação significativa e positiva da velocidade da onda de pulso com pressão arterial sistólica, pressão arterial diastólica, pressão de pulso e pressão arterial média, índice de massa corporal, e LDL-colesterol e negativa com HDL-colesterol e adiponectina. Em modelo de regressão múltipla, após ajuste do HDL-colesterol, LDL-colesterol e adiponectina para sexo, idade, índice de massa corporal e pressão arterial média, apenas o sexo masculino e a pressão arterial média mantiveram correlação significativa com a velocidade de onda de pulso. CONCLUSÃO: A velocidade de onda de pulso em adultos jovens mostrou relação significativa com variáveis de risco cardiovascular, destacando-se o sexo masculino e a pressão arterial média como importantes variáveis no seu determinismo. Os achados sugerem que a medida da VOP pode ser útil para a

  1. Velocidade da onda de pulso, pressão arterial e adipocitocinas em adultos jovens: estudo do Rio de Janeiro Pulse wave velocity, blood pressure and adipocytokines in young adults: the Rio de Janeiro study

    Oswaldo Luiz Pizzi

    2012-01-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Dados sobre a avaliação não invasiva vascular e suas relações com variáveis de risco cardiovascular são escassos em jovens. OBJETIVO: Avaliar a relação entre a velocidade de onda de pulso e a pressão arterial,variáveis antropométricas e metabólicas, incluindo as adipocitocinas, em indivíduos adultos jovens. MÉTODOS: Foram avaliados 96 indivíduos (51 homens do estudo do Rio de Janeiro, de 26 a 35 anos (média 30,09 ± 1,92. Foram obtidos a velocidade de onda de pulso (método Complior, pressão arterial, índice de massa corporal, glicose, perfil lipídico, leptina, insulina, adiponectina e o índice de resistência à insulina HOMA-IR. Os indivíduos foram estratificados em três grupos segundo o tercil da VOP para cada sexo. RESULTADOS: O grupo com maior tercil de VOP mostrou maiores médias de pressão arterial sistólica, pressão arterial diastólica, pressão arterial média, índice de massa corporal, insulina, HOMA-IR e menores médias de adiponectina, além de maiores prevalências de diabetes mellitus/intolerância à glicose e hiperinsulinemia. Houve correlação significativa e positiva da velocidade da onda de pulso com pressão arterial sistólica, pressão arterial diastólica, pressão de pulso e pressão arterial média, índice de massa corporal, e LDL-colesterol e negativa com HDL-colesterol e adiponectina. Em modelo de regressão múltipla, após ajuste do HDL-colesterol, LDL-colesterol e adiponectina para sexo, idade, índice de massa corporal e pressão arterial média, apenas o sexo masculino e a pressão arterial média mantiveram correlação significativa com a velocidade de onda de pulso. CONCLUSÃO: A velocidade de onda de pulso em adultos jovens mostrou relação significativa com variáveis de risco cardiovascular, destacando-se o sexo masculino e a pressão arterial média como importantes variáveis no seu determinismo. Os achados sugerem que a medida da VOP pode ser útil para a

  2. Costo de la atención de la hipertensión arterial y su impacto en el presupuesto destinado a la salud en México

    Villarreal-Ríos Enrique

    2002-01-01

    Full Text Available Objetivo. Determinar el costo de la atención de la hipertensión arterial, su impacto en el gasto en salud y en el producto interno bruto (PIB de México. Material y métodos. Diseño ecológico, efectuado de junio a noviembre de 1999 en el Instituto Mexicano del Seguro Social (IMSS, en la ciudad de Monterrey, Nuevo León, México. Se seleccionó aleatoriamente una muestra de expedientes clínicos con diagnóstico de hipertensión arterial, a los cuales se les contabilizó el uso de los servicios de salud y paralelamente se estimó el costo unitario por servicio. El costo por servicio y por paciente hipertenso se calculó ajustando el costo unitario en función de la utilización promedio y de un escenario extremo, cantidad que se proyectó a la población total de hipertensos y el resultado se comparó con el gasto anual en salud realizado en México. Resultados. El costo anual por hipertenso en la Seguridad Social correspondió a $1 067 en el escenario promedio y de $3 913 en el escenario extremo. El gasto anual en hipertensión arterial equivale a 13.95% del presupuesto destinado a la salud y a 0.71% del PIB, valores que se modifican a 51.17% y 2.62% respectivamente en el escenario extremo. Conclusiones. La hipertensión arterial consume gran cantidad de recursos, por lo que deberá ser objeto de estudio por equipos multidisciplinarios de salud, en la búsqueda de alternativas de manejo más eficientes.

  3. Sutura arterial com técnicas contínua e de pontos separados, utilizando-se os fios polipropilene e polidioxanone: estudo experimental em coelhos Arterial suture with continuous and interrupted techniques, using polypropylene and polydioxanone threads: experimental study in rabbits

    Nelson Leonardo Kerdahi Leite de Campos

    2003-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Observar o comportamento da sutura arterial em aortas abdominais de coelhos em crescimento, comparando-se as técnicas contínua e com pontos separados, empregando-se dois tipos de fios: Polipropilene 7-0 (inabsorvível e Polidioxanone 7-0 (absorvível. MÉTODOS: Grupos: GI - Controle (sem sutura; GII - Polipropilene, Pontos Separados; GIII - Polipropilene, Contínua; GIV - Polidioxanone, Pontos Separados e GV - Polidioxanone, Contínua. Cada grupo foi subdividido em quatro Momentos de Eutanásia: aos 7, 14, 30 e 60 dias de pós-operatório. Foram avaliados: peso dos animais, diâmetros e pulsos arteriais, estenose, trombose, aderências, aortografia, visibilidade do fio, cicatrização e microscopia. RESULTADOS: a após 60 dias, o local da linha de sutura cresceu de forma significativa em todos os grupos; b a técnica de sutura com pontos separados causou menor estenose da linha de sutura, observada tanto no ato cirúrgico, como na eutanásia dos animais; c no exame histopatológico, as diferenças encontradas entre grupos foram transitórias, não persistindo após 60 dias de pós-operatório. CONCLUSÃO: O polidioxanone mostrou ser a melhor opção, entre os dois fios, para sutura de artérias em crescimento, pois causa pouca ou nenhuma restrição ao crescimento arterial na linha de sutura, mesmo quando se emprega a técnica contínua.PURPOSE: To assess the arterial suture, comparing continuous and interrupted techniques, in abdominal aorta of growing rabbbits, using two types of suture material: Polypropylene 7-0 (nonabsorbable and Polydioxanone 7-0 (absorbable. METHODS: Groups: GI - Control, without arterial suture; GII - Polypropylene, Interrupted technique; GIII - Polipropilene, Continuous technique; GIV - Polydioxanone, Interrupted technique and GV - Polydioxanone, Continuous technique. Each group was subdivided in four Moments of Euthanasia , according with the number of days after surgery: 7 , 14 , 30 and 60 days. The

  4. Fatores de risco para aterosclerose em crianças e adolescentes com história familiar de doença arterial coronariana prematura Risk factors for atherosclerosis in children and adolescents with family history of premature coronary artery disease

    Ceres C. Romaldini

    2004-04-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Analisar a prevalência de dislipidemia em 109 crianças e adolescentes com história familiar de doença arterial coronariana prematura e a associação com outros fatores de risco para aterosclerose. MÉTODOS: Foram determinados valores séricos de colesterol total, de lipoproteínas de baixa densidade (LDL-C, alta densidade (HDL-C, triglicérides, índice de massa corpórea e pressão arterial. Foram também avaliados: prática de atividade física, tabagismo, renda familiar e escolaridade da mãe. RESULTADOS: Do total, 27,5 e 19,3% apresentaram, respectivamente, valores de colesterol total e LDL-C acima do normal, 13,8% valores de HDL-C diminuídos e 13,0% trigliceridemia elevada. Excesso de peso (obesidade e sobrepeso foi detectado em 25,7% dos casos; destes, 57,1% apresentavam valores anormais de lipídios. A prevalência de dislipidemia, isolada ou concomitante com outros fatores de risco, foi de 38,5%. Hábito de fumar ocorreu em 3,6% dos casos, hipertensão arterial em 2,7%, e 72,5% não praticavam atividade física. Não houve associação entre as variáveis renda familiar, escolaridade da mãe e prática de atividade física e dislipidemia. Entretanto, observou-se associação significativa entre dislipidemia e excesso de peso (p = 0,02; odds ratio = 2,82; IC 95% = 1,16-6,81. CONCLUSÃO: Fatores de risco para aterosclerose em crianças e adolescentes com história familiar de doença arterial coronariana prematura devem ser identificados o mais cedo possível para que sejam adotados programas preventivos de saúde.OBJECTIVES: To identify the prevalence of dyslipidemia in a group of 109 children and adolescents with a family history of premature coronary artery disease and to investigate the association between dyslipidemia and other risk factors for atherosclerosis. METHODS: Total cholesterol, low density lipoprotein cholesterol (LDL-C, high density lipoprotein cholesterol (HDL-C, triglycerides, body mass index, blood

  5. Comparação de ibuprofeno via oral e indometacina intravenosa no tratamento da persistência do canal arterial em neonatos com extremo baixo peso ao nascer

    Eun Mi Yang

    2013-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Existem poucos relatórios publicados com relação à eficácia do ibuprofeno via oral no tratamento da persistência do canal arterial (PCA em neonatos com extremo baixo peso ao nascer (EBPN. Comparamos o ibuprofeno via oral à indometacina intravenosa no que diz respeito à eficácia e segurança no tratamento de PCA em neonatos com peso inferior a 1.000 g ao nascer. MÉTODO: Este foi um estudo retrospectivo em um único centro. Coletamos dados de neonatos com EBPN que tiveram PCA ecocardiograficamente confirmada. Os neonatos foram tratados tanto com indometacina intravenosa quanto com ibuprofeno via oral. A taxa de fechamento do canal, a necessidade de tratamentos adicionais, os efeitos colaterais ou as complicações relacionadas ao medicamento e a mortalidade foram comparados entre os dois grupos de tratamento. RESULTADO: Examinamos 26 neonatos que receberam indometacina e 22 que receberam ibuprofeno. A taxa geral de fechamento do canal foi semelhante nos dois tratamentos: o fechamento do canal ocorreu em 23 dos 26 neonatos (88,5% no grupo indometacina, e em 18 dos 22 neonatos (81,8% no grupo ibuprofeno (p = 0,40. A taxa de ligadura cirúrgica (11,5% em comparação a 18,2%; p = 0,40 não diferiu de forma significativa entre os dois grupos de tratamento. Após o tratamento, não foi encontrada nenhuma diferença significativa nas concentrações de creatinina sérica entre os dois grupos. Não houve diferenças significativas com relação a efeitos colaterais ou complicações adicionais. CONCLUSÃO: Em neonatos com EBPN, o ibuprofeno via oral é tão eficaz quanto a indometacina intravenosa no tratamento da PCA. Não há diferenças entre os medicamentos no que diz respeito à segurança. O ibuprofeno via oral poderia ser usado como um agente alternativo no tratamento da PCA em neonatos com EBPN.

  6. Trombose de artéria carótida interna relacionada a trauma de palato em criança Internal carotid artery thrombosis related to trauma of palate in a child

    Fernando de Souza Almeida

    2012-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Relatar um caso de trombose de artéria carótida interna secundária relacionada a trauma de palato mole em criança. DESCRIÇÃO DO CASO: Criança admitida com quadro de alteração do nível de consciência, sonolência, afasia e hemiplegia direita; tinha antecedente de trauma corto contuso leve em palato mole há oito horas. A investigação tomográfica evidenciou acidente vascular isquêmico secundário à interrupção do fluxo sanguíneo em território de artéria cerebral média esquerda. A arteriografia mostrou oclusão da artéria carótida interna imediatamente distal à sua origem, com aspecto radiológico de "ponta de lápis", obstruindo o fluxo sanguíneo na região. A paciente foi submetida à investigação para doença pró-trombótica e cardíaca, contudo, não foi detectada nenhuma alteração. A administração de enoxaparina em dose terapêutica por três semanas conduziu à melhora clínica progressiva. Após três semanas de seguimento, a paciente não mostrava sequelas motoras. COMENTÁRIOS: As lesões intraorais são frequentes em crianças e a maioria evolui sem complicações. A trombose da artéria carótida interna é uma complicação rara, mas bem documentada destas lesões e decorre da compressão do vaso com trombogênese localizada. A taxa de mortalidade relatada é de 30% e as sequelas ocorrem em 85% dos casos.OBJECTIVE: To describe a child with internal carotid artery thrombosis secondary to trauma of the soft palate. CASE DESCRIPTION: Child presented with altered level of consciousness, drowsiness, aphasia, right hemiplegia, and a history of trauma, with mild concussion of the soft palate eight hours prior to admission. CT scan showed ischemic stroke secondary to interruption of blood flow in the area of the left middle cerebral artery. Arteriography showed occlusion of the carotid artery just distal to its origin, with radiological appearance of "pencil tip", obstructing blood flow in the region

  7. Determinantes precoces da pressão arterial em adultos da coorte de nascimentos de 1982, Pelotas, RS Determinantes precoces de la presión arterial en adultos de la cohorte de nacimientos de 1982, Pelotas, Sur de Brasil Early determinants of blood pressure among adults of the 1982 birth cohort, Pelotas, Southern Brazil

    Bernardo L Horta

    2008-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar os efeitos de exposições ocorridas na gestação ou nos primeiros anos de vida sobre a pressão arterial. MÉTODOS: Estudo de coorte com todas as crianças nascidas em 1982 nas maternidades da cidade de Pelotas, RS. As mães residentes em área urbana foram entrevistadas e as crianças, acompanhadas em diferentes ocasiões. Em 2004-5, buscou-se acompanhar todos os indivíduos da coorte. A pressão arterial foi medida duas vezes, no início e no final da entrevista, com esfigmomanômetro digital de pulso. Foi avaliada a associação entre pressão arterial e as seguintes variáveis: cor da pele; escolaridade materna; renda familiar ao nascer; mudança de renda entre o nascimento e os 23 anos de idade; peso ao nascer e duração da amamentação. A análise de variância foi utilizada para a comparação de médias e os modelos lineares generalizados na análise ajustada. RESULTADOS: Obteve-se a medida da pressão arterial para 4.291 indivíduos, 2.208 do sexo masculino e 2.083 do sexo feminino. A média das medidas da pressão arterial sistólica foi de 117,5±15,0 mmHg e da diastólica, de 73,6±11,5 mmHg. Entre os homens, a pressão arterial sistólica foi maior nos indivíduos de cor da pele preta ou parda e naqueles que nunca foram considerados pobres. A pressão diastólica esteve associada apenas com o peso ao nascer. Entre as mulheres, a pressão arterial sistólica foi maior nas de cor da pele preta ou parda, cuja escolaridade materna era maior ou igual a 12 anos ou com peso ao nascer menor do que 4.000 g. CONCLUSÕES:Para ambos os sexos apenas a cor da pele esteve associada com a pressão arterial. A amamentação não teve efeito em longo prazo sobre a pressão arterial, e para o peso ao nascer e o nível socioeconômico, as associações não foram consistentes.OBJETIVO: Evaluar los efectos de exposiciones ocurridas en la gestación o en los primeros años de vida sobre la presión arterial. MÉTODOS: Estudio de

  8. Prevalência de hipertensão arterial em militares jovens e fatores associados Prevalencia de hipertensión arterial en militares jóvenes y factores asociados Prevalence of arterial hypertension in young military personnel and associated factors

    Daniela Wenzel

    2009-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estimar a prevalência de hipertensão arterial entre militares jovens e fatores associados. MÉTODOS: Estudo transversal realizado com amostra de 380 militares do sexo masculino de 19 e 35 anos de idade em uma unidade da Força Aérea Brasileira em São Paulo, SP, entre 2000 e 2001. Os pontos de corte para hipertensão foram: >140mmHg para pressão sistólica e > 90mmHg para pressão diastólica. As variáveis estudadas incluíram fatores de risco e de proteção para hipertensão, como características comportamentais e nutricionais. Para análise das associações, utilizou-se regressão linear generalizada múltipla, com família binomial e ligação logarítmica, obtendo-se razões de prevalências com intervalo de 90% de confiança e seleção hierarquizada das variáveis. RESULTADOS: A prevalência de hipertensão arterial foi de 22% (IC 90%: 21;29. No modelo final da regressão múltipla verificou-se prevalência de hipertensão 68% maior entre os ex-fumantes em relação aos não fumantes (IC 90%: 1,13;2,50. Entre os indivíduos com sobrepeso (índice de massa corporal - IMC de 25 a 29kg/m2 e com obesidade (IMC>29kg/m2 as prevalências foram, respectivamente, 75% (IC 90%: 1,23;2,50 e 178% (IC 90%: 1,82;4,25 maiores do que entre os eutróficos. Entre os que praticavam atividade física regular, comparado aos que não praticavam, a prevalência foi 52% menor (IC 90%: 0,30;0,90. CONCLUSÕES: Ser ex-fumante e ter sobrepeso ou obesidade foram situações de risco para hipertensão, enquanto que a prática regular de atividade física foi fator de proteção em militares jovens.OBJETIVO: Estimar la prevalencia de hipertensión arterial entre militares jóvenes y factores asociados. MÉTODOS: Estudio transversal realizado con muestra de 380 militares del sexo masculino de 19 y 35 años de edad en una unidad de la Fuerza Aérea Brasilera en la cuidad de São Paulo, Sudeste de Brasil, entre 2000 y 2001. Los puntos de corte para

  9. Análisis de los factores asociados a la calidad de vida del paciente hipertenso

    Cristina Nolasco Monterroso; Lucía Navas Santos; Cristina Elena Carmona Moriel; Mª Dolores López Zamorano; Rafael Santamaría Olmo; Rodolfo Crespo Montero

    2015-01-01

    Introducción: En la Hipertensión Arterial (HTA) existen una serie de factores asociados a la misma que inciden en la Calidad de Vida Relacionada con la Salud (CVRS) de la población en general, como es el caso de la Diabetes Mellitus, el hábito tabáquico, alimentación, etc. Objetivo: Analizar la CVRS y los factores asociados a ésta, en pacientes con HTA controlados en la Unidad de Hipertensión de la Unidad de Gestión Clínica (UGC) Nefrología del Hospital Universitario Reina Sofía (HURS) de Cór...

  10. Comportamiento de las Crisis Hipertensivas en un Grupo de Pacientes Hipertensos

    Osvaldo Valdés Dupeyrón

    2014-01-01

    Introduction: The Arterial Hypertension (HTA it is at the present time one of the most important problems of health to be the main risk factor of the cardiovascular and cerebrovasculares illnesses. Objective: To describe the behavior of the crisis in the Group of studied patients. Materials and Methods: It was carried out a prospective longitudinal study in 130 adulth hypertensions patients, belonging to the population of a medical clinic of an area of health of a municipality of the capital, in a two year-old period, the information was picked up through the clinical history, interrogation, physical exam, complementary exams of clinical laboratory and pursuit in consultations doctors. Results: The risk factors that prevailed were sedentarism and ingestion of sal. Diabetes Mellitus, Obesity and Hiperlipidemia were the most comorbility. Conclusion: The hypertensive patients with bad lifestyle and concomitant illnesses are prone to suffer hypertensive crises as complication of the HTA.

  11. Dopplervelocimetria dos Compartimentos Arterial e Venoso da Circulação Fetal e Umbilical em Gestação de Alto-Risco: Análise dos Resultados Perinatais Dopplervelocimetry of the Arterial and Venous Compartments of the Fetal and Umbilical Circulation in High-Risk Pregnancy: Perinatal Results

    Joelma Queiroz Andrade

    2002-01-01

    Full Text Available Objetivos: estudar o perfil hemodinâmico fetal em gestantes de alto risco e avaliar a relação das suas alterações com os resultados perinatais. Métodos: realizou-se estudo prospectivo transversal em 108 gestantes atendidas no ambulatório de pré-natal da Clínica Obstétrica do HCFMUSP. Tais gestantes foram encaminhadas ao Setor de Avaliação de Vitalidade Fetal, onde foram submetidas à dopplervelocimetria das artérias umbilicais, cerebral média, aorta, ducto venoso e veia cava inferior. Os critérios de inclusão foram gestantes que apresentavam qualquer doença ou intercorrência na gravidez encaminhadas para avaliação da vitalidade fetal, nas quais a resolução da gestação ocorreu nas próximas 24 horas após os exames. Foram excluídas as pacientes com gestação gemelar ou com malformação fetal. Resultados: as repercussões hemodinâmicas na circulação fetal foram demonstradas pela observação de alterações na dopplervelocimetria das artérias umbilicais, aorta, artéria cerebral média, ducto venoso e veia cava inferior. Valores alterados do índice de pulsatilidade (IP da artéria umbilical foram observados em 25,9% dos casos, da aorta em 24,0% e da artéria cerebral média em 34,2%. O IPV do ducto venoso estava alterado em 18,2% dos casos e o da veia cava inferior em 46,6%. Os segmentos da circulação fetal que melhor se correlacionaram com os resultados perinatais foram a artéria umbilical e o ducto venoso. O IP alterado da artéria umbilical correlacionou-se significativamente com índices de Apgar de 1º minuto inferior a 7 em 42,8% e com necessidade de UTI neonatal em 50,0% dos casos. O IPV (indice de pulsatilidade para veias do ducto venoso alterado apresentou associação significativa com o índice de Apgar de 1º minuto inferior a 7 (52,6%, Apgar de 5º minuto inferior a 7 (15,7%, acidemia no nascimento (60,0%, necessidade de UTI neonatal (52,6% e óbito neonatal (21,1%. Os valores de predição da altera

  12. Confiabilidade e validade da escala de depressão geriátrica em idosos com doença arterial coronariana Confiabilidad y validez de la escala de depresión geriátrica en adultos mayores con enfermedad arterial coronaria Reliability and validity of the geriatric depression scale in elderly individuals with coronary artery disease

    Míriam Ximenes Pinho

    2010-05-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A prevalência de depressão em portadores de doença arterial coronariana (DAC é alta. A escala de depressão geriátrica (EDG é um instrumento amplamente usado para rastrear a depressão em idosos. No Brasil, as propriedades psicométricas da versão curta ainda não foram adequadamente exploradas. OBJETIVO: Avaliar as propriedades psicométricas da versão curta da EDG em portadores de DAC em ambulatório de cardiologia. MÉTODOS: Estudo transversal que avaliou 209 idosos (≥ 65 anos com DAC utilizando a EDG-15, Cumulative Illness Rating Scale for Geriatrics (CIRS, Brazilian OARS Multidimensional Function Assessment Questionnaire (BOMFAQ e The Cambridge Examination for Mental Disorders of the Elderly (CAMDEX. A consistência interna da EDG-15 foi calculada pelo KR-20. Uma análise fatorial dessa escala foi conduzida. Escores da EDG-15 foram comparados com os diagnósticos de depressão (DSM-IV para a validade de critérios. Na análise de validade concorrente, os mesmos escores foram correlacionados com os das escalas de depressão CAMDEX, Miniexame do Estado Mental (MEEM, Cambridge Cognitive Examination (CAMCOG e BOMFAQ. RESULTADOS: A depressão clínica foi diagnosticada em 35,71% da amostra avaliada de acordo com o DSM-IV. Para o diagnóstico de depressão maior ou distimia, o ponto de corte 5/6 apresentou acurácia moderada (AUROC = 0,84, sensibilidade de 79,92% e especificidade de 78,29%. A consistência interna foi de 0,80. Na análise fatorial, três fatores obtidos explicaram 52,72% da variância total observada. Os escores da EDG-15 correlacionaram-se com os da escala de depressão CAMDEX. CONCLUSÃO: No geral, a EDG-15 apresentou boa confiabilidade e validade (concorrente e de critério. Em settings cardiológicos, seu uso pode auxiliar no rastreamento de quadros depressivos de forma simples e rápida.FUNDAMENTO: La prevalencia de depresión en portadores de enfermedad arterial coronaria (EAC es alta. La escala de

  13. Avaliação de fatores de risco associados com elevação da pressão arterial em crianças Evaluation of risk factors associated with increased blood pressure in children

    Frederico D Garcia

    2004-02-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Identificar fatores associados a níveis elevados de pressão arterial em crianças. MÉTODOS: Estudo transversal da pressão arterial de 672 crianças entre 2 e 11 anos de idade em duas instituições de ensino de Belo Horizonte, entre setembro e dezembro de 2001. A pressão arterial foi mensurada seguindo os parâmetros estabelecidos pelo relatório do Update on the 1987 Task Force Report on High Blood Pressure in Children and Adolescents. As seguintes variáveis foram estudadas: idade, sexo, cor da pele, índice de qualidade de vida urbana, estatura e índice de massa corporal. Para a comparação das médias, foi utilizada a análise de variância, e para a comparação de proporções, o teste qui-quadrado. As variáveis associadas a níveis mais elevados de pressão arterial foram incluídas em análise de regressão linear múltipla. RESULTADOS: Na análise univariada, níveis mais elevados de pressão arterial sistólica e diastólica estiveram associados com crianças de cor branca, crianças da região com alto índice de qualidade de vida urbana e com elevado índice de massa corporal. Na análise multivariada, apenas o índice de massa corporal, o índice de qualidade de vida urbana e a estatura mantiveram-se associados com níveis elevados de pressão sistólica. Em relação aos níveis mais elevados de pressão arterial diastólica, apenas as variáveis índice de qualidade de vida urbana e idade foram mantidas no modelo após o ajustamento. CONCLUSÃO: O sobrepeso e a obesidade estiveram associados com níveis mais elevados de pressão arterial sistólica. Outros fatores, não identificados, foram parcialmente associados a níveis mais elevados de pressão arterial de crianças do estabelecimento privado do ensino.OBJECTIVE: To identify factors associated with increased arterial blood pressure in children. METHODS: In this cross-sectional study, arterial blood pressure was measured in 672 children between 2 and 11

  14. Right hepatic artery aneurysm.

    Bernal, Astrid Del Pilar Ardila; Loures, Paulo; Calle, Juan Cristóbal Ospina; Cunha, Beatriz; Córdoba, Juan Camilo

    2016-01-01

    We report a case of an aneurysm of the right hepatic artery and its multidisciplinary management by general surgery, endoscopy and radiology services. Being a case of extremely low incidence, it is important to show its diagnostic and therapeutic approach. RESUMO Relatamos um caso de aneurisma da artéria hepática direita conduzido de forma multidisciplinar pelos Serviços de Cirurgia Geral, Endoscopia e Radiologia. Em se tratando de caso de incidência baixíssima, é importante mostrar o enfoque diagnóstico e terapêutico usado em seu manejo.

  15. Intensidades de treinamento resistido e pressão arterial de idosas hipertensas - um estudo piloto Resistance training intensities and blood pressure of hypertensive older women - a pilot study

    Eline Silva da Cunha

    2012-12-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Observa-se que a literatura apresenta uma lacuna acerca da intensidade ideal de treinamento resistido para idosos hipertensos, os poucos estudos existentes utilizam treinamentos com diferentes intensidades. OBJETIVO: Verificar o efeito de duas intensidades de treinamento resistido sobre a pressão arterial de idosas hipertensas controladas. Métodos: Dezesseis idosas hipertensas, controladas por medicação anti-hipertensiva, foram divididas em dois grupos através de sorteio. Nove pacientes foram submetidas a treinamento resistido moderado (G1 e sete, a treinamento resistido leve (G2. As pacientes realizaram oito semanas de treinamento resistido, com frequência de três vezes por semana em dias alternados, no período vespertino. Os exercícios realizados foram respectivamente: leg press, supino reto, extensão de joelhos, puxada frontal, flexão de joelhos, abdução de ombro, abdução unilateral de quadril com cross over e rosca direta com barra. RESULTADOS: As pacientes do G1 apresentaram redução tanto nos valores de repouso da pressão arterial diastólica (PAD p BACKGROUND: The optimum intensity of resistance training for hypertensive elderly has not been studied yet and the few studies in the literature used training with distinct intensities. Objective: To verify the effect of two resistance training intensities on blood pressure (BP of elderly women with controlled hypertension. METHODS: Sixteen older women with hypertension controlled by anti-hypertensive drug were randomly divided into two groups. Nine patients were submitted to moderate resistance training (G1 and seven patients were submitted to mild resistance training (G2. The patients underwent eight weeks of resistance training, with frequency of three times per week on alternate days in the afternoon. The exercises performed were: leg press, bench press, knee extension, lat pull-down, knee flexion, shoulder abduction, standing cable hip abduction and biceps

  16. Fibrilação atrial, infarto agudo do miocárdio e oclusão arterial aguda em paciente jovem com hipertireoidismo

    Fabrício Thebit Bortolon

    2009-09-01

    Full Text Available Relato de caso de paciente jovem com hipertireoidismo não diagnosticado, apresentando quadro de fibrilação atrial, infarto agudo do miocárdio e oclusão arterial aguda de perna direita. Submetido à trombólise, embolectomia e iniciado tratamento para hipertireoidismo com tapazol. A evolução foi satisfatória, com reversão da alteração eletrocardiográfica isquêmica, melhora dos sintomas de oclusão arterial, controle do ritmo cardíaco e da função tireoidiana.

  17. Hipertensión arterial refractaria y apnea del sueño

    Gustavo Quevedo

    2008-01-01

    Full Text Available El síndrome de apnea obstructiva del sueño (SAOS tiene un papel importante en la morbimortalidad cardiovascular. Se han sugerido muchos mecanismos para explicar la asociación mórbida entre el SAOS y la enfermedad cardiovascular, especialmente la hipertensión arterial (HTA. Alrededor de la mitad de los pacientes con SAOS padecen hipertensión arterial y la prevalencia de SAOS en pacientes hipertensos es mayor que la existente en la población general.En el presente caso se describe a un paciente con HTA refractaria al tratamiento farmacológico que evolucionó favorablemente luego del diagnóstico y el tratamiento del SAOS.

  18. Vascularização arterial da região do nó sinoatrial em corações suínos: origem, distribuição e quantificação Arterial vascularization of the sinoatrial node in swine hearts: origin, distribution and quantification

    Ana P. Vidotti

    2008-02-01

    Full Text Available O nó sinoatrial, por se encontrar topograficamente instalado como componente inicial do sistema de condução, é responsável pela geração dos impulsos nervosos determinantes da contração cardíaca. Estudos relacionados à morfologia do nó, visando conhecer a origem, trajeto e distribuição dos vasos neste tecido são conhecidos, contudo, no que diz respeito a estes aspectos e aos dados quantitativos da irrigação nodal, no que se refere ao comportamento vascular arterial e a densidade vascular arterial desta região, a literatura é escassa. Com este objetivo foram utilizados 30 corações de suínos SRD, sendo 27 injetados com resina vinílica corada, para análise da origem e trajeto da ANSA (artéria do nó sinoatrial e 3 corações injetados com solução aquosa de carvão coloidal (tinta nanquim para proceder à análise estereológica. As artérias atriais originaram-se tanto da artéria coronária direita quanto da esquerda, com predominância da primeira (66,66% e 33,33%, respectivamente. Quando originada da coronária direita, a irrigação ocorreu pelo ramo AADAM (artéria atrial direita cranial medial em 14 casos e pelos ramos AADAI (artéria atrial direita cranial medial em 2 casos e AADAL (artéria atrial direita cranial lateral em 2 casos. Em 9 casos (33,33% originou-se pela artéria coronária esquerda: quatro pelo ramo AASPL (artéria atrial esquerda caudal lateral, dois pelo ramo AASAI (artéria atrial esquerda cranial intermédia e três pelo ramo AASAM (artéria atrial esquerda cranial medial. Anastomoses interarteriais, com participação dos vasos responsáveis pela irrigação do território do nó sinoatrial foram observadas na maioria dos casos (25 corações. O Volume do órgão ou Volume Referência (V(ref foi de 35,32x10(4µm³. Para as variáveis estereológicas analisadas, a estimação da densidade de comprimento do vaso (Lv foi de 766; o comprimento do vaso (L - mm - foi de 27,06x10(5µm; a densidade de

  19. Factors associated to patients' noncompliance with hypertension treatment Factores asociados a la no adhesión de los pacientes al tratamiento de hipertensión arterial Fatores associados à não adesão dos pacientes ao tratamento de hipertensão arterial

    Camila Dosse

    2009-04-01

    medicamentoso, refiriendo, por lo menos, un hábito de vida no saludable. Entre los motivos para la no adhesión, el factor emocional fue el más relatado (69,12%. Se concluye que este estudio puede proporcionar subsidios para intervenciones sobre la asistencia a los pacientes con HAS, con la finalidad de aumentar las tasas de adhesión y calidad de vida.O maior desafio da hipertensão arterial sistêmica (HAS é a adesão dos pacientes ao seu tratamento, sendo assim, este estudo teve como objetivos determinar a frequência às consultas e o percentual de adesão ao tratamento medicamentoso e não medicamentoso, além de identificar os principais motivos referidos pelos pacientes hipertensos para a não adesão. Trata-se de estudo descritivo, realizado com 68 hipertensos em um ambulatório escola, com 64,71% de mulheres (média de idade - 63,9 anos. Os instrumentos utilizados para coleta de dados foram: formulário de atendimento da equipe multiprofissional, o teste de Morisky-Green e a busca fonada. Os resultados: mostram que 61,76% eram assíduos às consultas, 86,76% não apresentaram adesão ao tratamento medicamentoso e 85,29% ao tratamento não medicamentoso, referindo, pelo menos, um hábito de vida não saudável. Dentre os motivos para a não adesão, o fator emocional foi o mais relatado (69,12%. Conclui-se que este estudo pode proporcionar subsídios para intervenções sobre a assistência aos pacientes com HAS, com a finalidade de aumentar as taxas de adesão e qualidade de vida.

  20. Hipertensão arterial na cidade de São Paulo: prevalência referida por contato telefônico Hipertensión arterial en la ciudad de São Paulo: prevalencia referida por contacto telefónico Hypertension in the city of São Paulo: self-reported prevalence assessed by telephone surveys

    Décio Mion Jr

    2010-07-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Pouco se conhece sobre a prevalência da hipertensão arterial na cidade de São Paulo, SP, Brasil. OBJETIVO: Identificar a prevalência da hipertensão referida na cidade de São Paulo. MÉTODOS: Realizaram-se 613 entrevistas por telefone, a partir das listas residenciais do sistema de telefonia fixa. A amostra foi calculada com prevalência estimada de hipertensão em 20,0%. RESULTADOS: A prevalência referida de hipertensão foi de 23,0% e 9,0% dos entrevistados referiram que o valor de sua última medida da pressão foi maior que 140/90 mmHg, porém não tinham conhecimento de que eram hipertensos, totalizando uma prevalência de 32,0%. Os hipertensos referiram que: 89,0% fazem tratamento e 35,2% estavam controlados; 27,0% faltam às consultas; 16,2% deixam de tomar os remédios; 14,8% apresentam história de acidente vascular encefálico, 27,8% cardiopatia e 38,7% hipercolesterolemia; 71,2% receberam orientação para diminuir sal, 64,6% para realizar atividade física, 60,0% para perder peso e 26,2% para controlar estresse; e 78,9% mediam a pressão regularmente. Houve relação estatisticamente significante (p FUNDAMENTO: Poco se conoce sobre la prevalencia de la hipertensión arterial en la ciudad de São Paulo, SP, Brasil. OBJETIVO: Identificar la prevalencia de la hipertensión referida en la ciudad de São Paulo. MÉTODOS: Se realizaron 613 entrevistas por teléfono, a partir de las listas residenciales del sistema de telefonía fija. La muestra fue calculada con prevalencia estimada de hipertensión en 20,0%. RESULTADOS: La prevalencia referida de hipertensión fue de 23,0% y 9,0% de los entrevistados refirieron que el valor de su última medición de la presión fue mayor que 140/90 mmHg, sin embargo no sabían que eran hipertensos, totalizando una prevalencia de 32,0%. Los hipertensos refirieron que: 89,0% hacen tratamiento y 35,2% estaban controlados; 27,0% faltan a las consultas; 16,2% dejan de tomar los remedios; 14

  1. Trends in self-reported arterial hypertension in Brazilian adults: an analysis of data from the Brazilian National Household Sample Survey, 1998-2008 Tendência temporal de hipertensão arterial autorreferida em adultos: uma análise da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, 1998-2008

    Ludmila Correa Muniz

    2012-08-01

    Full Text Available This study investigated the time trend in self-reported arterial hypertension from 1998 to 2008 in individuals older than 20 years in Brazil. Data were analyzed on prevalence of hypertension from the National Household Sample Survey (PNAD for the years 1998, 2003, and 2008. The analysis considered the sampling complexity and included 203,419, 238,591, and 257,816 individuals in the years 1998, 2003, and 2008, respectively. The time trend in hypertension was analyzed by sex, family income, geographic regions of Brazil, and area of residence (urban versus rural, and the prevalence rates were adjusted for age. Prevalence of self-reported hypertension was 12.5% in 1998, 13% in 2003, and 13.9% in 2008, with an annual increase of 1.07%. The highest increases occurred in the Southeast Region (1.41%, in men (1.82%, and in urban areas (1.15%. The study showed a rise in the prevalence of self-reported hypertension in all income brackets and with increasing age. Knowledge of the prevalence of hypertension is essential for backing activities to prevent and control the problem, especially among the more vulnerable subgroups.O estudo avaliou a tendência temporal de hipertensão arterial autorreferida no período de 1998 a 2008, em indivíduos acima de 20 anos, no Brasil. Foram analisados os dados de prevalência de hipertensão da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD de 1998, 2003 e 2008. A análise considerou a complexidade amostral e incluiu 203.419, 238.591 e 257.816 indivíduos nos anos de 1998, 2003 e 2008, respectivamente. A tendência de hipertensão foi descrita por sexo, renda domiciliar, macrorregiões do Brasil e zona de residência, e as prevalências foram ajustadas por idade. A prevalência de hipertensão foi de 12,5% em 1998, 13% em 2003 e 13,9% em 2008, com incremento anual de 1,07%. Maior aumento anual ocorreu na Região Sudeste (1,41%, entre homens (1,82% e na zona urbana (1,15%. Observou-se crescimento nas prevalências de

  2. HIPERTENSÃO EM ESTUDANTES DA REDE PÚBLICA DE VITÓRIA/ES: INFLUÊNCIA DO SOBREPESO E OBESIDADE

    Jóctan Pimentel Cordeiro

    2016-02-01

    Full Text Available RESUMO Introdução: Pesquisas demonstram que a obesidade pode ter início na infância. Além disso, o excesso de peso presente em 50% na infância é fator preditor da obesidade na vida adulta. As consequências são preocupantes pela associação com diversas comorbidades, entre elas, a hipertensão arterial. Estudos mostram que crianças obesas apresentam risco superior de hipertensão arterial em relação às não obesas. Objetivo: Identificar a prevalência de hipertensão arterial e sua relação com o sobrepeso e obesidade em crianças e adolescentes estudantes da rede pública do município de Vitória, ES, Brasil. Foram estudados 477 alunos, com idade entre 7 e 17 anos, sendo 42,56% e 57,44% dos gêneros masculino e feminino, respectivamente, selecionados por meio de amostragem estratificada por conglomerados . Métodos: Na análise do perfil antropométrico foram utilizados: percentual de gordura por meio de medida de dobras cutâneas e índice de massa corporal (IMC. Além disso, foi realizada aferição da pressão arterial para classificação da hipertensão arterial. Resultados: Os resultados mostram nos estudantes de Vitória, ES, com sobrepeso, valores pressóricos elevados (limítrofes e hipertensos 1 e 2, representando nos gêneros masculino e feminino 21,1% (PAS: 112 ± 10,4 mmHg e PAD: 65,6 ± 8,91 mmHg e 19,2% (PAS: 108 ± 12,1 mmHg e PAD: 65,6 ± 8,90 mmHg, respectivamente. No entanto, nos estudantes obesos, a prevalência foi maior, abrangendo 26,3% (PAS: 113 ± 11,3 mmHg e PAD: 67,8 ± 10,1 mmHg no gêneros masculino e 25% (PAS: 108 ± 14,4 mmHg e PAD: 68,3 ± 10,2 mmHg no feminino. Conclusão: Os achados relatados neste estudo mostram altos índices de crianças e adolescentes acometidos tanto por excesso de peso quanto pela hipertensão arterial. Estes resultados sugerem a implementação de medidas preventivas e de tratamento dos fatores de risco cardiovascular em crianças e adolescentes do município de Vit

  3. Estudo da vascularização arterial em corações de capivara (Hydrochaeris hydrochaeris - Carleton, M. D. 1984

    Suziellen Cristina Tenani

    2010-06-01

    Full Text Available Utilizaram-se 30 corações de capivara (Hydrochoerus hydrochoeris, entre machos fêmeas de diferentes faixas etárias, cedidos pela Empresa Pró-Fauna, cidade de Iguape, estado de São Paulo, registrado no IBAMA sob nº 235930848-0 e no SIF sob nº 3381. As artérias coronárias direita e esquerda foram canuladas e injetadas com substância látex corada com pigmento específico. Em 96,9%s dos corações estudados, encontrou-se as artérias coronária direita e esquerda que possuem origem a partir da aorta ascendente. Em 3,3% dos casos não há artéria coronária esquerda, mas sim os ramos interventricular paraconal e circunflexo. Quanto ao ramo intermédio, este pode apresentar origem a partir do ramo interventricular paraconal em 40% dos casos, ou pode apresentar sua origem diretamente da aorta ascendente em 3,3% dos casos; e, ainda, pode ter origem a partir do ramo circunflexo em 56,6% dos casos. Quanto à artéria coronária direita, esta possui menor calibre que a artéria coronária esquerda em 100% dos casos. Apresenta-se percorrendo o sulco coronário emitindo ramos para a margem ventricular direita. Na face atrial, a referida artéria coronária apresenta ramo anastomótico, em todos os casos, como descrito anteriormente.

  4. Hepatic artery aneurysm simulating a lesion in the head of the pancreas: a case report; Aneurisma de arteria hepatica simulando lesao em cabeca de pancreas: relato de caso

    Pinto, Oswaldo Luiz; Camargo, Jose Gonzaga [Pontificia Univ. Catolica de Campinas, SP (Brazil). Dept. de Cirurgia; Tornin, Olger de Souza; Botelho, Renato Assayag; Menezes, Marcelo Carneiro [Complexo Hospitalar Heliopolis, Sao Paulo, SP (Brazil). Residencia Medica em Radiologia e Diagnostico por Imagem]. E-mail: olger@ibest.com.br; Chagas, Jose Francisco Sales [Complexo Hospitalar Heliopolis, Sao Paulo, SP (Brazil). Curso de Pos-graduacao em Ciencias da Saude; Souza, Ricardo Pires de [Complexo Hospitalar Heliopolis, Sao Paulo, SP (Brazil). Curso de Pos-graduacao em Ciencias da Saude

    2005-12-01

    The aim of this study is to report a rare case of hepatic artery aneurysm simulating a lesion in the head of the pancreas. A precise evaluation using computed tomography and magnetic resonance imaging is important in the treatment planning, which will influence the prognosis. (author)

  5. Adesão ao tratamento e controle da pressão arterial em idosos com hipertensão Treatment adherence and blood pressure control in older individuals with hypertension

    Rachel G. Bastos-Barbosa

    2012-07-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A não adesão ao tratamento tem sido identificada como a causa principal da Pressão Arterial (PA não controlada, e pode representar um risco maior em idosos. OBJETIVO: O objetivo deste estudo foi avaliar e comparar a taxa de adesão ao tratamento da hipertensão arterial por diferentes métodos, para estimar a taxa de controle da PA, e observar se há uma associação entre controle da pressão arterial e adesão. MÉTODOS: A adesão ao tratamento foi avaliada em pacientes idosos com hipertensão, acompanhados pelo serviço público de saúde, por meio de quatro métodos, incluindo o teste de Morisky-Green (referência, o questionário sobre atitudes referentes à ingestão de medicação (AMI, uma avaliação da adesão por parte do enfermeiro em consultório (AEC, e avaliação domiciliar da adesão (ADA. A ingestão de sal foi estimada pela excreção urinária de sódio de 24 horas. O controle da pressão arterial foi avaliado pelo monitorização ambulatorial da pressão arterial na vigília. RESULTADOS: A concordância entre o teste de Morisky-Green e o AMI (Kappa = 0,27 ou a AEC (Kappa = 0,05 foi pobre. Houve uma concordância moderada entre o teste de Morisky-Green e a ADA. Oitenta por cento tinham a PA controlada, incluindo 42% com efeito do jaleco branco. O grupo com menor excreção de sal relatou evitar o consumo de sal mais vezes (p BACKGROUND: Non-adherence to treatment has been identified as the main cause of uncontrolled blood pressure (BP, and may represent a greater risk in older individuals. OBJECTIVE: The aim of this study was to evaluate and compare the rate of adherence to hypertension treatment using different methods, to estimate the BP control rate, and to observe if there is an association between BP control and adherence. METHODS: Treatment adherence was evaluated in older patients with hypertension, followed by the public primary health care, through four methods, including the Morisky-Green test

  6. Hipertrofia ventricular izquierda como factor de riesgo cardiovascular en el paciente hipertenso

    Llancaqueo V. Marcelo, Dr.

    2012-11-01

    Full Text Available La hipertrofia ventricular izquierda es una respuesta maladaptativa a la sobrecarga de presión crónica y un factor de riesgo importante para la fibrilación auricular, insuficiencia cardíaca diastólica, insuficiencia cardíaca sistólica, y la muerte súbita en pacientes con hipertensión. Dado que no todos los pacientes con hipertensión desarrollan hipertrofia ventricular izquierda, hay hallazgos clínicos que se deben tener en cuenta que puede alertar al médico sobre la presencia de hipertrofia ventricular izquierda por lo que una evaluación más definitiva se puede realizar utilizando un electrocardiograma, ecocardiograma o la resonancia magnética cardiovascular. Control de la presión arterial, la restricción de sodio, y la pérdida de peso de forma independiente facilitar la regresión de la hipertrofia ventricular izquierda. Elección de un fármaco antihipertensivo puede ser importante cuando se trata a un paciente con hipertrofia ventricular izquierda hipertensiva. Los inhibidores de la enzima convertidora o bloqueadores del receptor de angiotensina II, seguido por los antagonistas de los canales de calcio, facilitan más rápidamente la regresión de la hipertrofia ventricular izquierda. Con la regresión de la hipertrofia ventricular izquierda, la función diastólica y la reserva de flujo coronario generalmente mejoran, y disminuye el riesgo cardiovascular.

  7. Prevenção cardiovascular abrangente em pacientes com doença arterial coronária: implementação das diretrizes na prática clínica

    Clarisse Kaoru Ogawa Indio do Brasil

    2013-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Demonstrar a eficácia de um programa de otimização da prática clínica em pacientes com doença arterial coronária para prescrição de medicamentos e documentar a prática clínica vigente quanto aos medicamentos e medidas para a mudança do estilo de vida. MÉTODOS: Estudo de corte transversal, seguido de componente longitudinal. Foram incluídos 710 pacientes consecutivos (Fase 1. Após aplicação de ferramentas para melhoria da prática clínica, foram incluídos, após seis meses, 705 pacientes com coleta dos mesmos dados (Fase 2. Foram selecionados aleatoriamente, a partir do primeiro grupo, 318 prontuários para comparação desses mesmos pacientes (Fase 3. RESULTADOS: Comparação entre as Fases 1 e 2: melhora em relação a tabagismo (P=0,019, dislipidemia (P<0,001, hipertensão arterial e atividade física regular (P<0,001. Diferença significativa para inibidores da enzima de conversão da angiotensina - IECA (67,2% vs. 56,8%, P<0,001; antagonistas do receptor da angiotensina II - ARA II (25,4% vs. 32,9%, P=0,002 e betabloqueador (88,7% vs. 91,9%, P=0,047. Comparação entre as Fases 1 e 3: houve redução do peso (P=0,044 e pressão arterial (P<0,001. Em relação à prescrição de medicamentos recomendados, diferença para IECA (64,8% vs. 61,6%, P=0,011 e ARA II (27,0% vs. 31,3%, P=0,035. CONCLUSÃO: Não houve mudança significativa na utilização de medicamentos; entretanto, observou-se melhora significativa em relação ao tabagismo e atividade física na Fase 2; melhora substancial nos níveis de pressão arterial, na comparação tanto entre as Fases 1 e 2 como entre as Fases 1 e 3. A inclusão de enfermeiro treinado para gerenciar o processo foi fundamental. Programas abrangentes de melhoria de qualidade assistencial, provavelmente, devem ser continuados por período de seguimento maior.

  8. Aterogênese em artéria ilíaca comum de suínos submetidos à homocisteinemia induzida pela ingestão de metionina Atherogenesis in swine iliac artery with homocystinemia induced by methionine ingestion

    Luís Henrique Gil França

    2006-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar os efeitos da homocisteinemia induzida na artéria ilíaca de suínos. MATERIAL E MÉTODO: Realizou-se estudo experimental comparativo em dois grupos homogêneos de sete suínos da raça Macau, com peso entre 20 e 30 kg durante 30 dias. Os animais foram divididos em dois grupos, sendo um deles alimentado com metionina adicionada à dieta por um período de 4 semanas. Foram colhidas amostras de sangue para a dosagem de colesterol, triglicerídeos, HDL e homocisteína. Os animais foram submetidos à arteriografia para avaliação da perviedade das artérias ilíacas e, posteriormente, sacrificados. As artérias ilíacas foram enviadas para análise histológica. RESULTADOS: Os animais sobreviveram ao experimento, e não houve alterações significativas nos níveis de colesterol total, triglicerídeos e HDL nos dois grupos. O exame microscópico do grupo-controle não apresentou alterações patológicas e foi semelhante em todas as preparações examinadas. No grupo da dieta com metionina, as placas eram formadas por macrófagos espumosos, mas não foram observadas células musculares lisas, cristais de colesterol ou células inflamatórias. A túnica média apresentava-se com lâmina elástica interna íntegra. No grupo-controle, não houve alteração nos níveis de homocisteína durante o experimento. No grupo-metionina, houve aumento dos níveis séricos da homocisteína, com valor médio de 59,80 µmol/l após 30 dias de dieta rica em metionina. CONCLUSÃO: A homocisteinemia induzida pela metionina causa aterogênese nas artérias ilíacas de suínos.OBJECTIVE: To assess the effects of induced homocystinemia in the swine iliac artery. MATERIAL AND METHOD: A comparative experimental study with two homogeneous groups of seven pigs from the Macao specimen, weighed between 20 and 30 kg, which were assessed during 30 days. The pigs were divided into two groups. One of them was fed with a methionine-rich diet for a 4-week period

  9. A prevenção da hipertensão arterial determina a redução da lesão renal no diabetes experimental

    Maria Valeria Pavan

    2002-01-01

    Resumo: O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito da prevenção da hipertensão arterial com drogas que bloqueiam o sistema renina-angiotensina ou terapia convencional na nefropatia diabética de um modelo de hipertensão genética e diabetes mellitus. Ratos espontaneamente hipertensos (SHR), com 4 semanas de idade, com diabetes induzido por estreptozotocina, foram randomizados para não receberem tratamento anti-hipertensivo, ou serem tratados com captopril, ou losartan, ou terapia tríplice (hi...

  10. Estudo da pressão arterial pelo método indireto oscilométrico (petmap® em cães domésticos não anestesiados

    M. Tebaldi

    2012-12-01

    Full Text Available O estudo das pressões arteriais sistólica, média, diastólica e da frequência cardíaca, pelo método indireto oscilométrico (petmap®, foi realizado em 150 cães atendidos pelo Serviço de Clínica Médica de Pequenos Animais da FMVZ - Unesp/Botucatu. Investigou-se a influência de fatores como presença do proprietário, estado de saúde, diagnóstico de doença renal, raça, idade, sexo, decúbito, contenção, fluidoterapia, condição corpórea, temperamento, atividade física, dieta e atitude associados ou não à elevação da pressão arterial. Dos 150 cães, 34% encontravam-se sob a categoria de risco mínimo para o desenvolvimento de lesões hipertensivas, 14,6% com hipertensão branda, 22,6% com hipertensão moderada e 28,66%, com hipertensão grave. Houve influência, dos fatores analisados, na elevação da pressão arterial de acordo com a categoria de risco.

  11. Seguimento de dois anos em pacientes com hipertensão arterial pulmonar sob tratamento com sildenafila Seguimiento de dos años en pacientes con hipertensión arterial pulmonar bajo tratamiento con sildenafil Two-year follow-up of pulmonary arterial hypertension patients treated with sildenafil

    Sonia Meiken Franchi

    2010-05-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Os efeitos de longo prazo das drogas desenvolvidas para o controle da hipertensão arterial pulmonar (HAP são pouco conhecidos, já que os estudos multicêntricos em geral têm duração de 12 a 16 semanas. OBJETIVO: Avaliar a evolução de dois anos, em pacientes com HAP submetidos à monoterapia com sildenafila (inibidor da fosfodiesterase-5, com respeito à capacidade funcional. MÉTODOS: Vinte e quatro pacientes (idade entre 8 e 54 anos com HAP idiopática (HAPI, n = 9 ou associada a cardiopatias congênitas (HAP-CCg, n = 15 foram tratados com sildenafila por dois anos, com doses diárias que variaram de 60 a 225 mg (três tomadas, por via oral. A capacidade física foi avaliada pela distância caminhada no teste de 6 minutos (DC6M e pelo grau de dispneia ao final da caminhada (escala de Borg, sendo também registrada a saturação periférica de oxigênio (SpO(26M, oximetria de pulso. RESULTADOS: Nos 18 pacientes que completaram dois anos de seguimento, houve incremento progressivo e sustentado na DC6M, tanto no grupo HAPI (de 239 ± 160 m para 471 ± 66 m, p = 0,0076 como no grupo HAP-CCg (de 361 ± 144 m para 445 ± 96m, p = 0,0031, com melhora da dispneia ao final da caminhada (p FUNDAMENTO: Los efectos a largo plazo de las drogas desarrolladas para el control de la hipertensión arterial pulmonar (HAP son poco conocidos, ya que los estudios multicéntricos en general tienen una duración de 12 a 16 semanas. OBJETIVO: Evaluar la evolución a dos años, en pacientes con HAP sometidos a monoterapia con sildenafil (inhibidor de la fosfodiesterasa-5, con respecto a la capacidad funcional. MÉTODOS: Veinticuatro pacientes (edades entre 8 y 54 años con HAP idiopática (HAPI, n = 9 o asociada a cardiopatías congénitas (HAP-CCg, n = 15 fueron tratados con sildenafil durante dos años, con dosis diarias que variaron de 60 a 225 mg (tres tomas, por vía oral. La capacidad física fue evaluada por la distancia caminada en el test de

  12. Comparative study of excipients for propanolol hydrochloryde tablets prepared by means of diferent techniques Estudo comparativo de excipientes em diferentes técnicas de preparação de comprimidos de cloridrato de propranolol

    Cinara Maistro Mamprim

    2001-11-01

    Full Text Available Systemic arterial hipertension (SAH is one of the major factors in cardiovascular risk, since it contributes to the existence of more than 500 thousand cases of cerebral vascular accidents (CVA, 150 thousand deaths by cerebral hemorrhage and approximately a million myocardium infarctions (IAM. In Brazil, it is estimated that about 15% of the adult population can be considered hypertensive. Hypertension can be prevented by changes in lifestyle, although in most cases, the treatment with drugs becomes necessary. Propranolol hydrochloride is the drug chosen for the hypertensive elderly population who has had myocardium infarctation previously. The drug is commercially available as injections, solutions, capsules and tablets. Tablets can be prepared using three different techniques. The most used technique is the granulation by moisture. With the advance of new excipients available in the market for the Pharmaceutical Industry, a more simple and economical technique became possible, improving the physical and chemical stability of the product, reaching the goal of getting more efficient and safer medicine. The purpose of this study was to develop formulations of propranolol hydrochloride tablets through the variation of excipients and manufacture techniques. The propranolol hydrochloryde tablets were stored at 37o C and 50o C with 90% UR for 90 days, and analysed in pre-established time intervals the formulations were evaluated as for the physical and physical-chemical aspects.   A hipertensão arterial sistêmica (HAS é um dos mais importantes fatores de risco cardiovascular uma vez que contribui, mundialmente, com mais de 500 mil casos de acidentes cerebrovasculares (AVC, 150 mil mortes por hemorragia cerebral e aproximadamente um milhão de infartos de miocárdio (IAM. No Brasil estima-se que cerca de15% dos indivíduos adultos possam ser rotulados como hipertensos. A hipertensão pode ser prevenida com a mudança no estilo de vida, embora na

  13. Factores cognitivos que obstaculizan la práctica de ejercicio físico en hipertensos del área norte, Sancti Spíritus. 2006-2007.

    Yara Lydia Morgado Bode

    2008-07-01

    Full Text Available Con el objetivo de identificar los factores cognitivos relacionados con la práctica de ejercicios físicos y la salud de los pacientes hipertensos, en el área de Salud Norte de la ciudad de Sancti-Spíritus se realiza esta investigación descriptiva durante el período 2006- 2007. La población lo integraron 5209 hipertensos (adultos del área urbana, del cual se seleccionó una muestra aleatoria de 440 que fue dividida, para su estudio en dos grupos: Sedentario y No sedentario. La técnica utilizada fue la entrevista, basada en el modelo de comportamiento ”Creencias en Salud” la cual comprobó que la mayoría de estos hipertensos son adultos de una fase media, jubilados con tendencia a ser más sedentarios, según se incrementa la edad y avanza la enfermedad y que desconocen la importancia de realizar ejercicio físico para controlar y evitar complicaciones (baja amenaza percibida, refiriendo múltiples barreras, siendo necesario elaborar una estrategia de comunicación educativa e intersectorial en función de incorporar a los hipertensos a la práctica del ejercicio físico sistemático sobre la base de sus creencias en salud y de las posibilidades reales del área.

  14. Revisão do diagnóstico de enfermagem Estilo de Vida Sedentário em pessoas com hipertensão arterial: análise conceitual

    Nirla Gomes Guedes

    2013-06-01

    Full Text Available Este estudo tem por finalidade revisar os componentes do diagnóstico de enfermagem Estilo de vida sedentário (EVS propostos pela NANDA-I em indivíduos com hipertensão arterial. A revisão foi desenvolvida a partir da análise de conceito, com o auxílio do método da Revisão Integrativa da Literatura a partir de 43 artigos pesquisados em cinco bases de dados (LILACS, CINAHL, PUBMED, SCOPUS E COCHRANE. Foram utilizadas as seguintes combinações de descritores e equivalentes nas línguas inglesa e espanhola: Estilo de vida sedentário and Hipertensão e Sedentarismo and Hipertensão. O processo de revisão conduziu aos seguintes resultados: modificação da definição do EVS, de nomeações de alguns indicadores clínicos e acréscimo de outros. Considera-se que o estudo subsidiou uma direção para a eficiência diagnóstica de indicadores clínicos do EVS, contribuindo para o refinamento e o aprimoramento desse diagnóstico e seus componentes.

  15. Morfologia e vascularização arterial das glândulas tireóides em gansos domésticos

    Cheston César Honorato Pereira

    2006-04-01

    Full Text Available Objetivou-se estudar a morfologia e o comportamento das artérias que se destinam às glândulas tireóides, abordando seu número, origem e ordenação em 30 gansos domésticos (Anser domestica, injetados com Neoprene látex 450 corado e fixados em solução aquosa de formalina a 10%. As glândulas tireóides apresentam-se pares, ovóides e localizam-se na extremidade cranial da cavidade tóraco-abdominal, relacionam-se com o nervo vago, veia jugular e artéria carótida comum, e possuem em média de 0,97; 0,69 e 0,43 cm no antímero direito e 1,04; 0,62 e 0,38 cm no antímero esquerdo, para comprimento, largura e espessura, respectivamente. As glândulas tireóides recebem colaterais das artérias: carótida comum, cervical cutânea ascendente, esofagotraqueobronquial, esofágica ascendente, comum do nervo vago ipsilateralmente e ramo esofágico, sendo estes dois últimos somente para a glândula direita. O número de vasos variou de 1 a 5 vasos, sendo 2 vasos (15 casos, 50% ± 10 para o antímero direito e 3 vasos (12 casos, 40% ± 9,8 para o antímero esquerdo, o padrão mais freqüentemente observado. As artérias tireóideas cranial, média cranial, média, média caudal e caudal estiveram presentes no antímero direito em 29, 8, 8, 14 e 29 gansos respectivamente, e no antímero esquerdo em 28, 5, 14, 5 e 28 gansos respectivamente. Um único ramo, a artéria tireóidea, destinou-se a glândula em um animal à direita e em dois animais a esquerda.

  16. Manidipina no tratamento da hipertensão arterial essencial estágio I e II do paciente com sobrepeso ou obesidade andróide. Estudo multicêntrico brasileiro de eficácia, tolerabilidade e efeitos metabólicos Manidipine in the treatment of stage I and II essential hypertensive patients with overweight or android obesity. A brazilian multicentre study of efficacy, tolerability and metabolic effects

    Osvaldo Kohlmann Júnior

    2001-11-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a eficácia anti-hipertensiva, efeitos metabólicos e tolerabilidade da manidipina no tratamento de hipertensos essenciais estágio I e II com sobrepeso ou obesidade do tipo andróide. MÉTODOS: Em estudo aberto, não comparativo, realizado em 11 centros brasileiros de pesquisa, 102 pacientes de ambos os sexos com sobrepeso ou obesidade central, foram tratados por 12 semanas com manidipina em dose única diária de 10 a 20mg e avaliadas pressão arterial, freqüência cardíaca e a presença de eventos adversos. Ao final dos períodos placebo e de droga ativa foram obtidos os valores plasmáticos da glicemia de jejum, colesterol total e frações e triglicérides. Em 12 pacientes foi avaliada a sensibilidade à insulina. RESULTADOS: A manidipina reduziu a pressão arterial de 159±15 / 102±5mmHg para 141±15 / 90±8mmHg sem acarretar aumento da freqüência cardíaca. A taxa de eficácia foi de 71,9% com 51,1% de normalização pressórica. Não foram observadas alterações significativas dos parâmetros metabólicos. A tolerabilidade da manidipina foi muito boa e no final do estudo 87,1% estavam livres de qualquer reação adversa. CONCLUSÃO: A manidipina constitui opção adequada, altamente eficaz, livre de efeitos metabólicos e segura para tratamento de hipertensos estágios I e II com sobrepeso ou obesidade andróide.OBJECTIVE: To evaluate the efficacy, metabolic effects and tolerability of manidipine used in the treatment of stage I and II essential hypertensive patients with overweight or android obesity. METHODS: By an open-label, non comparative protocol in 11 Brazilian clinical research centers 102 hypertensive patients of both sexes with over weight or central obesity were treated with manidipine 10 to 20mg once daily for 12 weeks. Blood pressure, heart rate and adverse events were monitored. Fasting plasma glucose, total, HDL and LDL-cholesterol and triglicerides were determined at both placebo period and end of

  17. Hábitos e práticas alimentares de hipertensos e diabéticos: repensando o cuidado a partir da atenção primária Dietary habits of hypertensive and diabetic patients: rethinking patient care through primary care

    Rosângela Minardi Mitre Cotta

    2009-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar hábitos e práticas alimentares inadequados apresentados por hipertensos e diabéticos usuários da Estratégia Saúde da Família, de Teixeiras (MG, visando ao desenvolvimento de estratégias de intervenção em saúde. MÉTODOS: Estudo descritivo de delineamento transversal, utiliza questionários semi-estruturados para entrevistar 10,3% dos hipertensos e 15,0% dos diabéticos, selecionados de forma probabilística e aleatória. RESULTADOS: Houve uma predominância de mulheres (74,4%, de idosos (média=63,59, DP=13,12 anos e de pessoas com baixa renda (mediana=0,5 salário-mínimo. Os hipertensos e os diabéticos apresentaram, respectivamente, pequeno fracionamento das refeições (mediana=3,0/4,0, elevado consumo per capita diário de açúcar (M=165,63g, DP=118,93 e 105,13g, DP=48,7, sal (M=22,63g, DP=22,26 e M=12,96g, DP=16,73, óleo (M=64,13mL, DP=38,09 e M=61,29mL, DP=35,57 e banha de porco (18,8% e 13,3%. Entretanto, 97,3% e 96,7% não adicionavam sal às preparações prontas, 72,5% e 86% utilizavam somente óleo vegetal para preparar as refeições e 15,4% e 90,0% utilizavam adoçante artificial. CONCLUSÃO: Estratégias de cuidado em saúde devem ser desenvolvidas para incentivar mudanças nestes hábitos, objetivando a prevenção e o controle das complicações relacionadas a estas morbidades.OBJECTIVE: This study aims to identify inappropriate dietary habits shown by hypertensive and diabetic patients registered in the Family Health Strategies Program, in the city of Teixeiras (MG, Brazil, aiming towards the development of health intervention strategies. METHODS: In this descriptive, cross-sectional study, semi-structured questionnaires were used to interview 10.3% of the hypertensive and 15.0% of the diabetic patients, which were probabilistically and randomly selected. RESULTS: Most (74.4% of these patients were older women (mean age of 63.59, SD=13.12 years with low income (an average of 0.5 minimum wage

  18. Transversal escharotomies: a new surgical technique adjuvant in the treatment of chronic ulcers with non-arterial etiology in the lower limbs Escarotomias transversais: uma nova opção cirúrgica adjuvante no tratamento de úlceras crônicas de etiologia não arterial em membros inferiores

    Mário Augusto Silva Freitas

    2006-01-01

    Full Text Available PURPOSE: Propose a new and alternative surgical procedure in order to aid on treatments of chronic ulcers with non-arterial etiology in the lower limbs, especially those that reoccurs and accomplish of dermatosclerosis and skin contractures determining ankle and foot limits. METHODS: It describes a medical case regarding a female, 54 years old, with a pre-existing ulcer (sixteen years on her left leg. Despite of conventional treatments such as curatives, compressive therapy and surgeries, the ulcer on her leg was not cured for three years. The skin dermatosclerosis on her foot and ankle limited her mobility tremendously. The surgery involved the debridement of the ulcers, local phlebectomies and the correction of her scar contraction by a transversal escharotomies. Conventional procedures were applied in pre and post-surgery. RESULTS: After twelve weeks, the ulcer was completely healed by second intention. Despite the odds, she regained sustainable mobility in her foot and ankle, allowing this patient to wear medical elastic socks. Reoccurrences of the ulcer did not occur during the two years post-surgery. CONCLUSION: The transversal escharotomies may favor the healing of non-arterial chronic ulcers in the lower limbs, impeding perpetual mechanisms of this sort. For example, the ankle and foot limitation determinates in secondary scars, skin contractures, dermatosclerosis that produce the failure in the muscular calf-pump with deterioration in the ascending venous propulsion.OBJETIVO: Apresentar uma nova alternativa cirúrgica para auxiliar o tratamento de úlceras crônicas de etiologia não arterial em membros inferiores, especialmente aquelas com recidivas e complicadas por contraturas de pele, limitando movimentos do pé e tornozelo. MÉTODOS: Descrição de caso de uma paciente portadora de úlcera em perna esquerda com dezesseis anos de evolução, múltiplas recidivas, sem cicatrização há três anos apesar de curativos convencionais

  19. Testicular arteries systematization based on different levels of scrotal configuration in caprines Sistematização da artéria testicular em caprinos segundo a configuração escrotal

    Mônica Marco de Almeida

    2008-08-01

    Full Text Available The objective of this study was to describe the distribution of testicular arterial vessels in caprines with different degrees of scrotal division. Scrotal configurations were classified as follows; Group I: scrotum without bipartition; Group II: scrotum showing a ventral division until the middle of the testis; and, Group III: scrotal separation extended beyond the middle of the testis. A colored vinyl acetate solution was injected into 60 testicular arteries (30 pairs. After, the samples were submitted to corrosion cast method to obtain tubular vascular models for macroscopic analysis. We observed that the testicular arteries emerge from the abdominal aorta, cross the inguinal canal to become coiled and involved by the pampiniform plexus. Close to the caudal extremity of the testis, the arteries become divided in cranial and caudal branches that emit collateral vessels to originate emerging branches. Testicles with intermediate level of scrotal division (group II showed a smaller amount of those branches than the others, being the most populated the ventrolateral and the dorsolateral quadrants. The origin, distribution and localization of the testicular arteries did not show any differences related to the degree of scrotal division in caprines.O objetivo deste trabalho foi analisar a distribuição dos vasos arteriais nos testículos em caprinos com diferentes graus de divisão escrotal. A configuração escrotal foi classificada da seguinte forma: Grupo I: constituído por caprinos com escroto único, Grupo II: com escroto separado até a metade do testículo e Grupo III: com separação escrotal estendendo-se além da metade do testículos. As artérias foram injetadas e coradas com solução de acetado de vinil, sendo os orgãos (30 pares submetidos à corrossão para obtenção dos moldes vasculares. As artérias testiculares emergem da aorta abdominal, com trajeto retilíneo, atravessam o canal inguinal, apresentam-se espiraladas e

  20. Adherencia terapéutica y factores psicosociales en pacientes hipertensos Therapeutic adherence and psychosocial factors in hypertensive patients

    Yadmila Rosa Matos La

    2007-03-01

    Full Text Available La terapéutica de las enfermedades cardiovasculares requiere de la modificación de ciertos hábitos y comportamientos, de ahí la importancia del cumplimiento de las prescripciones médicas. Con la finalidad de describir los factores psicosociales asociados a la adherencia terapéutica se realizó un estudio descriptivo, de corte transversal, en una muestra de 263 pacientes hipertensos distribuidos en 13 consultorios del Médico de Familia del Policlínico Docente “Edor de los Reyes Martínez”, en el Consejo Popular Sur, del área urbana del municipio Jiguaní, provincia Granma. La información se obtuvo a través de la aplicación de un cuestionario elaborado para este fin. Los resultados más relevantes fueron: las creencias que tiene el paciente acerca del tratamiento como beneficio para su salud, los conocimientos adecuados sobre las características de la enfermedad, los afrontamientos al tratamiento con autoeficacia y la percepción de suficientes redes de apoyo social, que son los que más se asocian a la adherencia terapéutica.The therapeutics of the cardiovascular diseases requires the modification of certain habits and behaviors, that's why the fulfillment of the medical prescriptions is so important. With the objective of describing the psychosical factors associated with therapeutical adherence, a descriptive, cross-sectional study was undertaken in a sample of 263 hypertensive patients distributed in 13 family physicians' offices of “Edor de los Reyes Martínez” Teaching Polyclinic in the Southern People's Council of the urban area of Jiguaní municipality, Granma province. The information was obtained by applying a questionnaire made to this end. The most relevant results were: the patient's belief that the treatment benefits his health, the adequate knowledge of the characteristics of the disease, the facing of the treatment with self-efficiency, and the perception of enough social support networks. These outcomes are

  1. O manejo não medicamentoso da hipertensão arterial sistêmica no Sul do Brasil Non-pharmacological management of hypertension in Southern Brazil

    Giovani Sturmer

    2006-08-01

    Full Text Available Foi realizado um estudo transversal com base populacional entre os indivíduos de 20 a 69 anos, residentes na zona urbana de Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil. O objetivo foi avaliar o manejo da hipertensão e descrever as características dos indivíduos classificados com cuidados inadequados. Entre os 1.968 entrevistados, 380 eram hipertensos (19,3%, 44,1% consultaram sempre com o mesmo médico. Entre os hipertensos, 85,5% eram sedentários, 48,2% consumiam gordura em excesso e 47,4% eram fumantes. As recomendações adequadas mais realizadas pelos médicos foram restringir o sal (98,4%, interromper o consumo de bebidas alcoólicas (93,7%, aconselhar dieta para emagrecer e reduzir a ingestão de gorduras (88,2%, parar de fumar (73,2% e praticar atividades físicas (68,9%. O manejo da hipertensão foi classificado como inadequado em 284 indivíduos (74,7%; IC95%: 70,4-79,1. Constatou-se maior probabilidade de manejo adequado nas mulheres, nos indivíduos a partir dos cinqüenta anos, nas pessoas pertencentes à classe econômica A e B, em não fumantes, e nos indivíduos com diabetes mellitus. Alguns achados traduziram aspectos positivos da atenção, contudo as diferenças de cuidados de acordo com a classe social evidenciaram a falta de eqüidade assistencial.A cross-sectional population-based study was carried out among individuals aged 20 to 69 years in the urban area of Pelotas, Rio Grande do Sul, Brazil. The objective was to analyze characteristics of hypertensive patients in relation to management of arterial hypertension. Among the 1,968 interviewees, 380 were hypertensive (19.3%, and 44.1% of these always consulted the same physician. Of the entire sample, 85.5% were sedentary, 48.2% showed excessive fat consumption, and 47.4% smoked. Most physicians recommend the following: lowering salt consumption (98.4%, cessation of alcohol consumption (93.7%, for losing weight, diet and consumption of low-fat food (88.2%, smoking cessation (73

  2. Influência do bloqueador de receptor de angiotensina (Losartana potássica na função renal e pressão arterial em cães GRMD Influence of angiotensin receptor blocker of renal function and arterial pression in GRMD dogs

    Marina Brito Silva

    2009-04-01

    Full Text Available A distrofia muscular de Duchenne (DMD é uma alteração neuromuscular caracterizada por contínua necrose muscular e degeneração, com eventual fibrose e infiltração por tecido adiposo. O aumento progressivo da fibrose intersticial no músculo impede a migração das células miogênicas, necessárias para a formação muscular. O modelo canino constitui-se nas melhores fenocópias da doença em humanos, quando comparados com outros modelos animais com distrofia. O tratamento antifibrose de pacientes DMD, tendo como alvo os mediadores da citocina, TGF-beta, e o tratamento com antiinflamatórios, podem limitar a degeneração muscular e contribuir para a melhora do curso da doença. O presente estudo teve como objetivo observar os possíveis efeitos adversos na fisiologia renal, por meio de avaliação bioquímica sanguínea e da pressão arterial, verificando a viabilidade do uso do Losartan (um inibidor de TGF-beta nos cães afetados pela distrofia muscular. Foram utilizados quatro cães adultos, sendo dois machos e duas fêmeas. Utilizou-se a dose de 50mg de Losartan, administrada via oral, uma vez ao dia. Os exames clínicos, bem como alterações na função renal, o nível do potássio sérico e a pressão arterial não evidenciaram reação adversa durante todo o período do experimento. O uso de Losartan, por um período de 9 semanas, mostrou-se como uma terapia segura para o tratamento antifibrótico em cães adultos, não afetando a função renal ou pressão arterial dos animais.Duchenne muscular dystrophy (DMD is a neuromuscular disorder characterized by a continuous muscle necrosis and degeneration with eventual fibrosis and fatty tissue infiltration. Progressive increase in muscle interstitial fibrosis prevents the movement of myogenic cells, which is necessary for myotube formation. Canine model is the best phenocopies of the disease in humans when comparing with others animal models with dystrophy. Anti-fibrotic treatment of

  3. Hipertensão Arterial Experimental e Prenhez em Ratas: Repercussões sobre o Peso, Comprimento e Órgãos dos Recém-nascidos Experimental Arterial Hypertension and Pregnancy in Rats: Repercussion Regarding Body Weight Gain, Body Length and Organs of Offspring

    Rogério Dias

    2000-10-01

    Full Text Available Objetivo: estudar as repercussões da hipertensão arterial sobre o peso e comprimento corpóreo e sobre o peso do fígado e do cérebro de recém-nascidos (RN. Métodos: foram utilizadas 82 ratas virgens da raça Wistar em idade de reprodução. Após a indução da hipertensão arterial experimental (modelo Goldblatt I: 1 rim - 1 clipe as ratas foram sorteadas para compor os quatro grandes grupos experimentais (controle (C, manipulação (M, nefrectomia (N e hipertensão (H. A seguir, as ratas foram distribuídas por sorteio em 8 subgrupos, sendo quatro grupos prenhes e quatro grupos não-prenhes. Após acasalamento dos quatro grupos prenhes, obtivemos com o nascimento dos recém-nascidos os seguintes grupos: RN-C, RN-M, RN-N e RN-H, respectivamente controle, manipulação, nefrectomia e hipertensão. Resultados: quanto ao peso e comprimento corpóreo dos recém-nascidos observamos que os grupos RN-N e RN-H apresentaram os menores pesos ( = 3,64 ± 0,50 e ou = 3,37 ± 0,44, respectivamente e comprimentos ( = 3,89 ± 0,36 e ou = 3,68 ± 0,32, respectivamente em relação ao seus controles ( = 5,40 ± 0,51 e ou = 4,95 ± 0,23, respectivamente. Quanto ao peso do fígado os RN-H apresentaram os menores pesos ( = 0,22 ± 0,03 em relação a todos os demais grupos em estudo, e quanto ao peso do encéfalo os RN-N e RN-H apresentaram os menores pesos ( = 0,16 ± 0,01 e ou = 0,16 ± 0,05, respectivamente em relação aos seus controles ( = 0,22 ± 0,04. Conclusão: a hipertensão arterial determinou redução no peso corpóreo, no comprimento, no peso do fígado e no peso do encéfalo dos recém-nascidos.Purpose: to study the repercussion of arterial hypertension regarding body weight gain and body length, as well as liver and brain weight of offspring. Methods: a total of 82 animals in reproductive age were used. They were randomly assigned to 4 different groups (control, handled, nephrectomized and hypertensive. Renal hypertension was produced by a

  4. Prevalência e fatores associados à pressão arterial elevada, seu conhecimento e tratamento em idosos no sul do Brasil Prevalencia y factores asociados a la presión arterial elevada, su conocimiento y tratamiento en ancianos en el sur de Brasil Prevalence and factors associated with high blood pressure, awareness, and treatment among elderly in Southern Brazil

    Maruí Weber Corseuil Giehl

    2013-03-01

    Full Text Available O objetivo foi estimar a prevalência e investigar os fatores associados à pressão arterial elevada, seu conhecimento e tratamento em idosos de Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. Trata-se de estudo transversal de base populacional e amostra complexa. A pressão arterial elevada foi definida pela medida do nível pressórico ou uso de anti-hipertensivo, ou diagnóstico prévio. A associação dos desfechos com as variáveis independentes foi verificada pela regressão de Poisson. Foram entrevistados 1.705 idosos. Desses, 84,6% apresentaram pressão arterial elevada, 77,5% estavam cientes da doença e 79,1% a tratavam. A prevalência associou-se à dependência funcional e idade e índice de massa corporal (IMC elevados. Idosos do sexo feminino, idade e IMC elevados, pior percepção em saúde e consulta médica recente estavam mais cientes da doença. O tratamento associou-se a sexo masculino, dependência funcional, pior percepção em saúde e consulta médica recente. Ainda que políticas públicas em saúde devam ser universais, é preciso considerar a desigual distribuição da pressão arterial elevada na população, direcionando-se ações de prevenção, diagnóstico e garantia de tratamento.El objetivo fue estimar la prevalencia e investigar los factores asociados a la presión arterial elevada, su conocimiento y tratamiento en ancianos de Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. Se trata de un estudio transversal de base poblacional y muestreo complejo. La presión arterial elevada fue definida por la medida del nivel de presión sanguínea el uso de antihipertensivos, el diagnóstico previo. La asociación de los desenlaces con las variables independientes fue verificada por la regresión de Poisson. Se entrevistaron a 1.705 ancianos. De ellos, un 84,6% presentaron presión arterial elevada, un 77,5% eran conscientes de la enfermedad y un 79,1% la trataban. La prevalencia se asoció a la dependencia funcional y edad e índice de

  5. Ausência de descenso noturno se associa a acidente vascular cerebral e infarto do miocárdio La ausencia de descenso nocturno de la presión arterial se asocia a accidente cerebrovascular e infarto de miocardio Absence of nocturnal dipping is associated with stroke and myocardium infarction

    Renan Oliveira Vaz-de-Melo

    2010-01-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A pressão arterial (PA varia de acordo com o ciclo circadiano, apresentando quedas fisiológicas durante o sono (descenso noturno - DN. A ausência dessa queda se associa a maior incidência de lesões em órgãos-alvo. OBJETIVO: Analisar a prevalência de DN em indivíduos hipertensos, correlacionar DN aos níveis pressóricos, variáveis clínicas, fatores sociodemográficos e bioquímicos e associá-lo a eventos cardiovasculares (acidente vascular cerebral - AVC e infarto agudo do miocárdio - IAM. MÉTODOS: Foram avaliados 163 hipertensos, submetidos a monitorização ambulatorial da pressão arterial. DN foi definido como queda >10% da PA sistólica do período da vigília para o de sono. RESULTADOS: Os pacientes foram divididos em grupos dipper (D e não dipper (ND. Não houve diferença significante entre os grupos quanto a idade, sexo, raça, tempo de hipertensão, glicemia, LDL-colesterol, colesterol total, triglicérides, escolaridade, tabagismo, história de diabetes. Grupo dipper apresentou PA superior a ND durante a vigília e inferior durante o sono. Grupo ND cursou com maior índice de massa corpórea (IMC (p=0,0377, menor HDL-colesterol (p=0,0189 e maior pressão de pulso durante o sono (p=0,0025. História de AVC ou IAM foram mais frequentes em ND. À regressão logística, apenas a ausência de descenso noturno associou-se independentemente a AVC ou IAM. CONCLUSÃO: A ausência de DN associou-se de maneira independente às lesões em órgãos-alvo analisadas, o que demonstra a sua importância e reforça a necessidade de tratamento mais agressivo com objetivo de se atingir as metas pressóricas e, consequentemente, evitar o desenvolvimento de novos eventos cardiocerebrovasculares.FUNDAMENTO: La presión arterial (PA varía de acuerdo al ciclo circadiano, presentando descensos fisiológicos durante el sueño (descenso nocturno - DN. La ausencia de ese descenso se asocia a mayor incidencia de lesiones en

  6. Programa de ejercicios físicos terapéuticos y masaje para contribuir al tratamiento no farmacológico de pacientes hipertensos entre 35-65 años de edad en el Centro Nacional Hospitalario DONKA (CNHD en Conakry, República de Guinea

    KANN SOULEYMANE

    2009-06-01

    Full Text Available La hipertensión arterial (HTA es la más común de las enfermedades cardiovasculares que afectan la salud de los individuos en todas las partes del mundo. La práctica de actividad física profiláctica y terapéutica, es la especialidad de la Educación Física que se ocupa de la organización de dichas actividades   con  objetivos   higiénicos, de prevención y  rehabilitación de diferentes alteraciones funcionales, derivadas de causas patológicas o de otra índole,  entre las  que  se  encuentra  la  HTA.  En  muchas  regiones  no  se aprovechan las posibilidades de bienestar que puede aportar la práctica de actividad física. En el Centro Nacional Hospitalario Donka en Conakry, República de Guinea, no se emplea el ejercicio físico para mejorar la salud de los hipertensos. La investigación tiene como objetivo: Proponer un programa de ejercicios físicos terapéuticos y masaje que contribuya al tratamiento no farmacológico de pacientes hipertensos entre 35-65 años edad, en el Centro Nacional Hospitalario DONKA (CNHD en Conakry, República de Guinea. En el mismo se proponen diferentes tipos de ejercicios concebidos en dos fases, una de integración y otra de mantenimiento. En la investigación se utilizaron métodos teóricos, empíricos y estadísticos. Las fuentes de información revelan que algunos de los pacientes que utilizan tratamiento farmacológico, no poseen un nivel de conocimiento de esta patología, ni de los beneficios que aporta la realización de los ejercicios físicos. El programa posee indicaciones y orientaciones   metodológicas    basadas  en las características de esta enfermedad y acordes con  las  condiciones de los pacientes que serán útiles para aplicarse con calidad.

  7. Sensibilidade gustativa ao sal, natriúria e pressão arterial em indivíduos normotensos Salt taste threshold, 24 hour natriuresis and blood pressure variation in normotensive individuals

    Vicente Sperb Antonello

    2007-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: O estudo avalia sensibilidade gustativa ao sal, excreção urinária de sódio e pressão arterial (PA em normotensos. A hipótese foi de que limiar de sensibilidade gustativa ao sal (LSGS aumentado se associasse a maior natriúria em 24 horas e níveis aumentados de PA. MÉTODOS: Foram avaliados 24 voluntários sem diagnóstico de HA. Para avaliar LSGS, usou-se soluções de cloreto de sódio (NaCl em diferentes concentrações. Os voluntários foram submetidos à monitorização ambulatorial da pressão arterial (MAPA de 24 horas e coleta de urina de 24 horas para dosagem de sódio (NaU. Para análise, foram agrupados de acordo com o LSGS, aumentado ou normal. RESULTADOS: Os grupos não diferiram para idade, índice de massa corporal (IMC, variáveis demográficas, uso de álcool, fumo e PA. NaU foi significativamente maior no grupo com LSGS aumentado. Utilizando-se o coeficiente de correlação de Pearson, com significância determinada pelo teste t, houve correlação de forte intensidade entre médias de PA sistólica e diastólica com IMC, de regular intensidade entre LSGS e NaU, assim como para PA sistólica e NaU. CONCLUSÃO: Natriúria de 24 horas foi maior em indivíduos com LSGS aumentado, sugerindo que esta maior avidez ao sal determine maior ingestão de sódio. Houve forte associação entre PA e IMC. Não foi evidenciada associação entre LSGS e PA, diferente do já documentado em pacientes com PA aumentada. Aumentando-se o número de pessoas, faixa etária e pacientes com níveis pressóricos aumentados, talvez se respondam outras perguntas a respeito da relação entre LSGS, natriúria e PA.OBJECTIVE: The study evaluates salt taste sensibility, urinary sodium excretion and blood pressure (BP in normotensive persons. The hypothesis was that a higher salt taste threshold (STT can be associated to a higher 24 hour natriuresis and increased BP levels. METHODS: Twenty four not hypertensive volunteers were selected. To

  8. Prevalência de hipertensão arterial em adultos e fatores associados: um estudo de base populacional urbana em Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil Hypertension prevalence and its associated risk factors in adults: a population-based study in Pelotas

    Juvenal Soares Dias da Costa

    2007-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Determinar a prevalência de hipertensão arterial sistêmica e os fatores associados a sua ocorrência. MÉTODOS: Realizou-se um estudo transversal, de base populacional, na população de 20 a 69 anos residente na zona urbana de Pelotas-RS. A variável dependente hipertensão arterial sistêmica foi definida como pressão arterial >160 x 95 mmHg (média de duas medidas ou o uso atual de medicação anti-hipertensiva. RESULTADOS: Entre as 1.968 pessoas incluídas no estudo, foi encontrada uma prevalência de 23,6% (IC95% 21,6 a 25,3 de hipertensão arterial. Os fatores de confusão foram controlados através da regressão de Poisson. Foram mantidas no modelo final com significância estatística as variáveis: renda familiar, idade, cor da pele, sexo, história familiar de hipertensão, consumo adicional de sal e índice de massa corporal. CONCLUSÃO: Observou-se um aumento da prevalência de hipertensão em comparação com estudo semelhante realizado em 1992. O maior aumento percentual de prevalência ocorreu nos grupos mais jovens.OBJECTIVE: To determine hypertension prevalence and its associated risk factors. METHODS: A cross-sectional, population-based study of people ages 20 to 69 living in the urban area of Pelotas, Rio Grande do Sul, Brazil, was conducted. The dependent variable systemic hypertension was defined as blood pressure >160 x 95 mm Hg (average of two readings or current use of antihypertensive drugs. RESULTS: Among the 1,968 subjects enrolled in the study, hypertension prevalence was 23.6% (95% CI 21.6 to 25.3. A Poisson regression model was used to control confounding factors effects. The following variables remained statistically significant in the final model: family income, age, skin color, gender, family history of hypertension, extra salt intake, and body mass index. CONCLUSION: Compared with a similar study undertaken in 1992, hypertension prevalence increased, particularly in the younger groups.

  9. Exercício físico em portadores de hipertensão arterial: uma análise conceitual Ejercicio físico en portadores de hipertensión arterial: un análisis conceptual Physical exercise in patients with high blood pressure: a conceptual analysis

    Nirla Gomes Guedes

    2010-06-01

    Full Text Available No tratamento da hipertensão arterial, o exercício físico tem sido apontado como uma das principais medidas não farmacológicas. O objetivo do estudo foi analisar o conceito de exercício físico em portadores de hipertensão arterial, identificando os possíveis atributos críticos e os fatores antecedentes e consequentes. O estudo seguiu a metodologia da análise conceitual e da revisão integrativa de artigos científicos pertinentes à temática do estudo. Como atributos críticos foram identificados aspectos relacionados ao tipo, frequência, duração e intensidade do exercício físico. Os antecedentes encontrados foram: aconselhamento/educação, motivação, desenvolvimento de metas a partir do Modelo Transteórico, auto-eficácia e grupos de apoio. Quanto aos consequentes foram evidenciados benefícios gerais para a saúde e benefícios fisiológicos, psicossocias, cognitivos e comportamentais. A análise conceitual subsidia uma assistência de qualidade e centrada no portador de hipertensão arterial com vista ao controle da doença e prevenção de complicações.En el tratamiento de la hipertensión arterial, el ejercicio físico ha sido apuntado como una de las principales medidas no farmacológicas. El objetivo fue analizar el concepto de ejercicio físico en portadores de hipertensión arterial, identificando los posibles atributos críticos y los factores antecedentes y consecuentes. El estudio siguió la metodología del análisis conceptual e de la revisión integrativa de artículos científicos pertinentes a la temática. Como atributos críticos han sido identificados aspectos relacionados al tipo, frecuencia, duración e intensidad del ejercicio físico. Los antecedentes encontrados han sido: aconsejamiento/educación, motivación, desarrollo de metas desde el Modelo Trasteórico, auto-eficacia y grupos de apoyo. En cuanto a los consecuentes se han evidenciados beneficios generales para la salud y beneficios fisiol

  10. Efeito de 16 semanas de treinamento com pesos sobre a pressão arterial em mulheres normotensas e não-treinadas Effect of 16-week weight training over blood pressure in normotensive and non-trained women

    Aline Mendes Gerage

    2007-12-01

    Full Text Available O propósito deste estudo foi analisar o impacto de 16 semanas de treinamento com pesos (TP sobre a pressão arterial (PA em mulheres normotensas. Para tanto, participaram do estudo 21 mulheres jovens (20,5 ± 2,1 anos, não-treinadas, que foram separadas, aleatoriamente, em grupo treinamento (GT = 13 e grupo controle (GC = 8. O protocolo de TP foi estruturado de forma progressiva, em duas etapas, com duração de oito semanas cada, sendo executado com freqüência semanal de três sessões. Medidas de PA foram realizadas em repouso por meio do método auscultatório nos diferentes momentos do estudo (linha de base, após oito e 16 semanas. O teste de Shapiro-Wilk foi utilizado para análise da normalidade dos dados. ANOVA two-way para medidas repetidas foi utilizada para as comparações entre os grupos ao longo do tempo, seguida pelo teste post-hoc de Scheffé quando P The aim of this study was to analyze the impact of a 16-week weight training (WT over blood pressure (BP in normotensive women. The sample consisted of 21 young women (20.5 ± 2.1 years, non-trained, who were randomly grouped in training group (TG = 13 and control group (CG = 8. The WT protocol was progressively structured, in two phases, with duration of eight weeks each, being performed with weekly frequency of three sessions. BP measurements were conducted at rest through the auscultatory method, in the different moments of the study (baseline, after eight and 16 weeks. The Shapiro-Wilk test was used for analysis of the data normality. Two-way ANOVA for repeated measurements was used for the comparisons between groups during the time, followed by the Scheffé post-hoc test when P < 0.05. A group v. moment interaction was found in the systolic, diastolic and mean BP values, with significant decreases, during the 16 weeks of follow-up, in the order of 5, 8 and 6 mmHg, respectively, in the TG. The outcomes suggest that the 16 week-WT program may cause important reductions in BP

  11. Fatores de risco para hipertensão arterial e diabete melito em trabalhadores de empresa metalúrgica e siderúrgica Risk factors for hypertension and diabetes mellitus in metallurgic and siderurgic company's workers

    Maria Carmen Martinez

    2006-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estudar os fatores associados à hipertensão arterial (HA e ao diabete melito (DM em trabalhadores de empresa metalúrgica e siderúrgica com unidades em São Paulo e Rio de Janeiro, mediante um modelo hierárquico de risco. MÉTODOS: Este é um estudo transversal. Foram obtidas informações sobre variáveis demográficas, ocupacionais, do estilo de vida, perfil lipídico, glicemia de jejum e pressão arterial de 3.777 empregados, e realizadas análise estatística descritiva e análise de regressão logística múltipla hierarquizada. RESULTADOS: A prevalência de HA foi de 24,7%, e a análise de regressão hierarquizada indicou que sexo masculino e idade acima de quarenta anos apresentaram risco estatisticamente significativo. Independentemente das características demográficas, trabalhar em metalurgia, estresse intenso no trabalho, sedentarismo, consumo de álcool, índice de massa corporal superior a 25, colesterol alterado e triglicérides alterados estiveram associados com a HA. A prevalência de DM foi de 11,5%, e a análise de regressão hierarquizada indicou que sexo masculino e idade acima de quarenta anos apresentaram risco estatisticamente significativo. Independentemente das características demográficas, as mesmas condições estiveram associadas com a DM. CONCLUSÃO: Os dados evidenciaram que o trabalhador acima de quarenta anos é uma prioridade para ações de intervenção que possam favorecer a prevenção dos dois agravos. Nessas ações, deve-se dar atenção especial à alimentação e à prática de exercícios físicos, que favoreceriam o controle da obesidade e da alteração do perfil lipídico.OBJECTIVE: To study the factors associated with arterial hypertension (AH and diabetes mellitus (DM in a metal and steel industry's workers with units in São Paulo and Rio de Janeiro, using a hierarchical risk model. METHODS: This is a cross-sectional study. We obtained information on demographic, occupational and

  12. Excesso de peso e hipertensão arterial em trabalhadores de empresas beneficiadas pelo Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT Overweight and hypertension in workers from companies benefited by the Worker Food Program (WFP

    Flávio Sarno

    2008-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar as prevalências de excesso de peso (EP, hipertensão arterial (HA e fatores associados em trabalhadores de empresas beneficiadas pelo Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT da cidade de São Paulo. MÉTODOS: Estudo transversal com 1.339 trabalhadores de 30 empresas. A coleta de dados envolveu a aplicação de um questionário com dados de caracterização dos trabalhadores e peso e altura auto-referidos. Foi realizada a aferição da pressão arterial e o estado nutricional foi classificado segundo o Índice de Massa Corporal (IMC. Odds ratios foram estimadas na avaliação dos fatores de risco associados a HA e EP. RESULTADOS: Os trabalhadores apresentaram, em média, 36,4 anos (dp = 10,3 e 9,9 anos de estudo (dp = 2,3, sendo 60% da amostra pertencente ao sexo masculino. Na comparação com homens, mulheres apresentaram valores significativamente menores de idade, pressão arterial sistólica (PAS e diastólica (PAD e IMC e maior escolaridade. As prevalências em homens de EP (25 kg/m2 (56% e de HA (PAS > 140 mmHg e/ou PAD > 90 mmHg ou uso de medicações anti-hipertensivas (38%, foram aproximadamente o dobro da registrada em mulheres (30% e 19%, respectivamente. Idade foi fator de risco para a ocorrência de EP e HA em ambos os sexos, enquanto que a escolaridade foi fator de proteção para EP e HA em mulheres e fator de risco para o desenvolvimento de EP em homens. CONCLUSÃO: Os trabalhadores do sexo masculino constituíram uma população de maior risco para ocorrência de HA e EP e devem ser priorizados nos programas que visam a prevenção dessas doenças. Neste sentido, o PAT pode representar um lugar de destaque nas ações de saúde e nutrição no ambiente de trabalho.OBJECTIVE: Evaluate the prevalences of overweight (OW, hypertension (HY and associated factors in workers from companies benefited by the Worker Food Program (WFP in the city of Sao Paulo. METHODS: Cross sectional study with 1,339 workers from

  13. Estudo do perfil hemodinâmico da artéria oftálmica em gestantes com diabetes mellitus gestacional Study of ophthalmic artery hemodynamic pattern in pregnant women with gestational diabetes mellitus

    Gizeli de Fátima Ribeiro dos Anjos

    2012-10-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Avaliar os padrões hemodinâmicos da artéria oftálmica, por meio da doplervelocimetria, em portadoras de diabetes mellitus gestacional (DMG, e comparar os achados com os obtidos em gestantes normais. MÉTODOS: Estudo prospectivo caso-controle que analisou os índices doplervelocimétricos das artérias oftálmicas. Foram constituídos dois grupos: um com 40 gestantes com diagnóstico de DMG e o outro por 40 gestantes normais. Foram incluídas gestantes com DMG segundo critérios da American Diabetes Association - 2012, com gravidez de 27 semanas até o termo, e excluídas gestantes hipertensas, em uso de drogas vasoativas ou com diagnóstico prévio de diabetes. O estudo foi realizado em um olho com transdutor linear de 10 MHz Sonoace 8000 Live Medison ®. As variáveis analisadas foram: índice de pulsatilidade (IP, índice de resistência (IR, razão entre picos de velocidade (RPV, pico de velocidade sistólica (PVS e velocidade diastólica final (VDF. Para análise de normalidade das amostras foi empregado o teste de Lillefors, e os testes t de Student e Mann-Whitney, para comparação entre as médias e medianas conforme normalidade dos dados, e adotado nível de significância de 95%. RESULTADOS: As medianas e médias com desvio padrão das variáveis doplervelocimétricas da artéria oftálmica dos grupos de DMG e gestantes normais foram, respectivamente: IP=1,7±0,6 e 1,6±0,4 (p=0,7; IR=0,7 e 0,7 (p=0,9; RPV=0,5±0,1 e 0,5±0,1 (p=0,1; PVS=33,6 e 31,9 cm/seg (p=0,7; VDF=6,3 e 7,9 cm/seg (p=0,4. Não houve diferença significante entre as médias e medianas das variáveis analisadas entre os dois grupos de gestantes. CONCLUSÕES: Os padrões hemodinâmicos das artérias oftálmicas permaneceram inalterados no grupo de gestantes com DMG em relação ao grupo de gestantes normais, sugerindo que o tempo de exposição à doença durante a gestação é curto para causar vasculopatias importantes no território materno central

  14. Prevalência de pressão arterial elevada em crianças e adolescentes do ensino fundamental Prevalencia de presión arterial elevada en niños y adolescentes de la enseñanza fundamental Prevalence of elevated blood pressure in children and adolescents attending highschool

    Ana Elisa M. Rinaldi

    2012-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a prevalência de pressão arterial elevada em crianças e adolescentes e sua associação com indicadores antropométricos. MÉTODOS: Estudo transversal de estudantes de três instituições de ensino em Botucatu (SP. As variáveis avaliadas foram: pressão arterial (PA (obtida em três ocasiões diferentes, peso, estatura, índice de massa corporal (IMC, circunferência braquial, circunferência abdominal (CA, dobras cutâneas tricipital e subescapular. A PA foi aferida por método auscultatório e classificada em pré-hipertensão (PH e hipertensão arterial (HAS, para os valores entre os percentis 90 e 95 e maior que o percentil 95, respectivamente. Os dados antropométricos foram comparados, segundo o sexo, pelo teste t de Student. A correlação de Pearson foi utilizada para verificar a variação das PA sistólica (PAS e diastólica (PAD segundo dados antropométricos. A variação do escore Z da PA segundo percentil de IMC foi avaliada pela análise de variância seguida do teste de Tukey. RESULTADOS: Foram avaliadas 903 crianças (51,7% meninos, com idade de 9,3±2,5 anos para ambos os sexos. A prevalência de PH foi de 9,1% e de HAS foi de 2,9%. Houve correlação positiva significativa entre os níveis de PAS e PAD elevados e as variáveis antropométricas, com valores maiores para peso (r=0,53 e r=0,45, pOBJETIVO: Verificar la prevalencia de presión arterial elevada en niños y adolescentes y su asociación con indicadores antropométricos. MÉTODOS: Estudio transversal incluyendo a estudiantes de tres instituciones de enseñanza de Botucatu (São Paulo, Brasil. Las variables evaluadas fueron: presión arterial (PA (obtenida en tres ocasiones distintas, peso, estatura, índice de masa corporal (IMC, circunferencia braquial, circunferencia abdominal (CA, pliegues cutáneos tricipital y subescapular. La PA fue verificada por método auscultatorio, siendo posteriormente clasificada como pre-hipertensión (PH e

  15. Características fenotípicas da hipertensão arterial resistente na população brasileira Phenotypic characteristics of resistant hypertension in the Brazilian population

    Ana Paula Cabral de Faria

    2013-01-01

    Full Text Available Hipertensão resistente (HAR é definida como a pressão arterial que permanece acima da meta pressórica, apesar do uso de três classes de anti-hipertensivos em doses otimizadas, sendo um deles um diurético. Além disso, são considerados também hipertensos resistentes os pacientes que usam quatro ou mais classes e possuem suas pressões controladas. Embora essa definição seja útil na categorização de um maior grupo de resistentes, visto esses dois subgrupos compartilharem alto risco cardiovascular, algumas importantes particularidades clínicas e fisiopatológicas necessitam ser mais bem avaliadas antes de resistentes controlados e não controlados pertencerem ao mesmo grupo. Foram comparadas algumas características cardiovasculares nesses dois subgrupos de hipertensos resistentes. Embora algumas semelhanças, o subgrupo HRNC apresenta fenótipos cardiovasculares com pior prognóstico como maior rigidez vascular e hipertrofia ventricular esquerda, além de função endotelial mais prejudicada e menor queda de pressão arterial no período noturno, entre outras. Frente às diferenças, o subgrupo HRNC está associado à maior risco cardiovascular, podendo ser considerado mais resistente ao tratamento anti-hipertensivo. Além da importância de melhor prevenção e tratamento da HAR com medidas de identificar precocemente os fatores de risco e otimizar a terapia farmacológica, algumas implicações clínicas devem ser consideradas na abordagem de pacientes controlados e não controlados como semelhantes ao grupo de resistentes.Resistant hypertension (RH is defined as blood pressure that remains above target in spite of the concurrent use of three or more classes of antihypertensive drugs at optimized doses (UCRH, with one of them being a diuretic. Moreover, patients whose blood pressure is controlled while using four or more antihypertensive medications are also considered controlled resistant hypertensive (CRH subjects. Although this

  16. Tecnologia educativa em saúde na prevenção da hipertensão arterial em trabalhadores: análise das mudanças no estilo de vida

    Zélia Maria de Araújo Santos

    2008-01-01

    Full Text Available Investigación participante en la que se analizan los cambios en el estilo de vida de 20 trabajadores, en lo que se refiere a la prevención de los factores de riesgo de la Hipertensión Arterial Sistémica, por medio del empleo de una tecnología educativa en salud. Los trabajadores seleccionados trabajaban en la construcción civil, en servicios generales y en la seguridad. Los datos fueron recolectados a través de entrevistas, en el período de agosto a diciembre de 2006. Los resultados obtenidos se organizaron en categorías empíricas y fueron analizados con base en el análisis de contenido de Bardin. Los sujetos del estudio revelaron conocer algunas nociones sobre los factores de riesgo del síndrome hipertensivo y de las conductas preventivas. Para ellos, un estilo de vida saludable incluye la realización de ejercicios físicos, el control del estrés, la alimentación saludable, y la ausencia de vicios. La implantación de la tecnología educativa en salud permitió cambios en el estilo de vida de 16 sujetos, además de motivarlos a mantener esos cambios e incluir otros que son necesarios para la prevención y/o control de los factores ambientales de riesgo de la hipertensión arterial sistémica, y en consecuencia, previniendo o posponiendo la instalación de este daño en sí mismos y en sus familiares.

  17. Emociones e hipertensión arterial, peculiaridades en la edad pediátrica

    Adairis Balsa Alfonso

    2012-03-01

    Full Text Available Se realizó una revisión teórica sobre la categoría emociones, partiendo de su relación e influencia en la salud. La hipertensión arterial constituye una de las numerosas enfermedades en las que los factores psicológicos desempeñan un importante papel en su origen y evolución. Se destacan investigaciones realizadas con hipertensos de edad pediátrica, donde las emociones han sido ampliamente tratadas, por su implicación en el proceso de salud-enfermedad. Dentro de las emociones más estudiadas se encuentran la ansiedad, la depresión y la ira.

  18. Efectividad de la auriculopuntura en el tratamiento de pacientes con hipertensión arterial

    Mileydis Alvarez Caballero

    2014-11-01

    Full Text Available Se realizó un estudio descriptivo y longitudinal de 53 adultos hipertensos pertenecientes al consultorio médico No. 55 del Policlínico Universitario "José Martí Pérez" de Santiago de Cuba, desde febrero hasta septiembre de 2012, con vistas a demostrar la efectividad de la auriculopuntura en el tratamiento de estos pacientes. Se halló predominio de la hipertensión arterial ligera (69,6 % y del sexo femenino (47,1 %. Luego de aplicada la terapia disminuyeron los síntomas más frecuentes: la cefalea, de 50,9 a 5,6 % y el insomnio, de 20,7 a 1,8 %. Los resultados obtenidos evidenciaron la efectividad de este tratamiento no convencional en 92,4 % de los afectados, a la vez que se logró 96,3 % de satisfacción con el proceder empleado

  19. Hipertensión arterial: ¿qué nos aportan las recomendaciones actuales?

    Yanier Coll Muñoz

    2014-05-01

    Full Text Available El manejo de la hipertensión arterial sigue constituyendo un punto de mira para los médicos y el personal de la salud, con el objetivo de lograr el control integral y la prevención de complicaciones en su evolución. Existen aspectos en el manejo de los pacientes hipertensos que aún son discutibles, y aunque los resultados de diferentes estudios aporten las evidencias actuales, la conducta ante este grupo de pacientes sigue siendo compleja e interdisciplinaria. Las nuevas guías para el manejo de la HTA de las diferentes sociedades y grupos son de utilidad para los profesionales, no obstante, no pueden constituir una regla, debiendo adecuar nuestra actuación y las recomendaciones a las características individuales de cada paciente.

  20. Fototerapia (LEDs 660/890nm no tratamento de úlceras de perna em pacientes diabéticos: estudo de caso Phototherapy (LEDs 660/890nm in the treatment of leg ulcers in diabetic patients: case study

    Débora Garbin Minatel

    2009-07-01

    Full Text Available Avaliou-se a fototerapia na cicatrização de úlceras de perna (UP mistas em dois pacientes diabéticos (tipo 2, hipertensos. O aparelho apresentava sonda 1 (S1 (1 LED de 660nm, 5mW aplicado em 3 UP e sonda 2 (S2 (32 LEDs de 890nm e 4 LEDs de 660nm, 500mW em 6 UP. Após antissepsia,úlceras foram tratadas com sondas a 3J/cm2, 30seg, 2x/semana seguido pelo curativo diário com sulfadiazina de prata a 1% por 12 semanas. Pela análise com software Image J®, as UP com S2 tiveram índices de cicatrização médios de 0,6; 0,7 e 0,9 enquanto S1 foi de 0,2; 0,4 e 0,6 no 30º, 60º e 90º dias, respectivamente. A fototerapia acelerou a cicatrização das úlceras de perna em pacientes diabéticos.This study evaluated the use of phototherapy in the healing of mixed leg ulcers in two diabetic patients (type 2 with arterial hypertension. The device had probe 1 (one 660nm LED, 5mW applied in 3 ulcers and probe 2 (32 890nm LEDs associated with 4 660nm LEDs, 500mW in 6 ulcers. After asepsis, ulcers were treated with probes to 3 J/cm2, 30sec per point, twice a week, followed by topical daily dressing with 1% silver sulphadiazine during 12 weeks. The following analyses of ulcers with software Image J showed that probe 2 presented mean healing rates of 0.6; 0.7 and 0.9, whereas probe 1 had 0.2;0.4 and 0.6 at 30, 60 and 90 days, espectively. Phototherapy accelerated wound healing of leg ulcers in diabetic patients.

  1. Celiac artery in New Zealand rabbit: anatomical study of its origin and arrangement for experimental research and surgical practice Artéria celíaca em coelhos Nova Zelândia: estudo anatômico de sua origem e arranjo para a pesquisa experimental e a prática cirúrgica

    Marcelo Abidu-Figueiredo

    2008-05-01

    Full Text Available Rabbits have been used as an experimental model in many diseases and for the study of toxicology, pharmacology and surgery in many universities. However, some aspects of their macro anatomy need a more detailed description, especially the abdominal and pelvic arterial vascular system, which has a huge variability in distribution and trajectory. Thirty cadaveric adult New Zealand rabbits, 13 male and 17 female, with an average weight and rostrum-sacral length of 2.5 kg and 40cm, respectively, were used. The thoracic aorta was cannulated and the vascular system was filled with stained latex S-65. The celiac artery and its proximal branches were dissected and lengthened in order to evidence origin and proximal ramifications. The celiac artery emerged between the 12th and 13th thoracic vertebra in 11 (36.7% rabbits; at the level of the 13th thoracic vertebra in 6 (20% rabbits; between the 13th thoracic vertebra and the 1st lumbar vertebra in 12 (40% rabbits; and at the level of the 1st lumbar vertebra in only one (3.3% rabbit. The mean length of the celiac artery was 0.5cm. The celiac artery first branch was the lienal artery, the second branch was the left gastric artery and the hepatic artery arose from the left gastric artery in all the dissected rabbits. No relation was observed between the celiac artery length and the rostrum-sacral length in rabbits. The number of left gastric and lienal artery branches and the distribution of celiac artery origin are not gender dependent.Os coelhos têm sido usados como modelo experimental em diferentes patologias e para estudos de toxicologia, farmacologia e cirurgia em várias universidades. Entretanto apesar de sua grande utilização, muitos aspectos de sua macroanatomia, em especial os que se referem ao sistema vascular arterial que irrigam as viscerais abdomino-pélvicas ainda carecem de uma descrição mais detalhada, pois os vasos arteriais apresentam grande variabilidade na sua distribuição e

  2. A produção do cuidado a usuários com hipertensão arterial e as tecnologias em saúde La producción de cuidado a usuarios con hipertensión arterial y las tecnologías en salud Care provided to patients with hypertension and health technologies for treatment

    Flavia Pedro dos Anjos Santos

    2013-02-01

    Full Text Available Objetivou-se com este trabalho analisar a utilização da tecnologia das relações na produção do cuidado a usuários com hipertensão arterial. Trata-se de estudo qualitativo, realizado em oito Unidades de Saúde da Família de Jequié-BA. Os sujeitos do estudo foram formuladores da política, profissionais de saúde e usuários, totalizando dezesseis informantes. Em 2010, realizou-se entrevista semiestruturada, observação sistemática e análise documental. Para apreciação dos dados utilizou-se análise de conteúdo temática. Os resultados evidenciaram que os profissionais, sobretudo enfermeiros e agentes comunitários de saúde, utilizam tecnologias leves na busca da integralidade. Por outro lado, alguns profissionais demonstraram prática biologicista, com ênfase em normas e procedimentos. Conclui-se que há necessidade de mudança na interação entre trabalhador e usuário, considerando-se a singularidade e a autonomia do usuário e família na construção de novas formas de cuidado.Se objetivó analizar la utilización de la tecnología de las relaciones en la producción de cuidado a pacientes con hipertensión arterial. Estudio cualitativo, realizado en ocho Unidades de Salud de la Familia de Jequié-BA. Los sujetos de estudio fueron formuladores de la política, profesionales de salud y pacientes, totalizando dieciséis informantes. En 2010 se realizó entrevista semiestructurada, observación sistemática y análisis documental. Para analizar los datos, se utilizó análisis de contenido temático. Los resultados expresaron que los profesionales, sobre todo enfermeros y agentes comunitarios de salud, utilizaron tecnologías leves en búsqueda de la integralidad. Por otro lado, algunos profesionales demostraron práctica biologicista, con énfasis en normas y procedimientos. Se concluye en que existe necesidad de cambio en la interacción trabajador y paciente, considerándose la singularidad y la autonomía del paciente y

  3. Associação de níveis plasmáticos de PAI-1 e polimorfismo 4G/5G em pacientes com doença arterial coronariana

    Luciana Moreira Lima

    2011-12-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: O polimorfismo 4G/5G do inibidor ativador do plasminogênio tipo 1 (PAI-1 pode influenciar a expressão do PAI-1. Níveis plasmáticos elevados de PAI-1 estão associados com Doença Arterial Coronariana (DAC. OBJETIVO: O presente estudo investigou a influência do polimorfismo 4G/5G do PAI-1 nos níveis plasmáticos de PAI-1 e sua associação com DAC avaliada por angiografia coronária. MÉTODOS: Foi avaliada amostra de sangue de 35 indivíduos com artérias coronárias angiograficamente normais, 31 indivíduos apresentando ateromatose leve/moderada, 57 indivíduos apresentando ateromatose grave e 38 indivíduos saudáveis (controles. Em pacientes e controles, o polimorfismo 4G/5G do PAI-1 foi determinado por amplificação da proteína-C reativa utilizando primers específicos de alelo. Os níveis plasmáticos de PAI-1 foram quantificados pelo ensaio ELISA (American Diagnostica. RESULTADOS: Não houve diferença entre os grupos quanto a sexo, idade e índice de massa corporal. Níveis plasmáticos de PAI-1 e frequência do genótipo 4G/4G mostravam-se significativamente maiores no grupo com ateromatose grave em comparação com os outros grupos (p 70% (p < 0,001. CONCLUSÃO: O achado mais importante deste estudo foi a associação entre o genótipo 4G/4G, elevados níveis plasmáticos de PAI-1 e estenose coronariana superior a 70% em indivíduos brasileiros. Ainda não foi estabelecido se elevados níveis plasmáticos de PAI-1 são um fator decisivo para o agravamento da aterosclerose ou se são uma consequência.

  4. Perfil de micro ARNs exosomales asociados a daño glomerular en pacientes hipertensos con microalbuminuria

    Pérez Hernández, Javier

    2018-01-01

    Introducción: La hipertensión arterial esencial (HTA) es la enfermedad crónica con mayor prevalencia a nivel mundial y constituye uno de los factores de riesgo cardiovascular primario. Pese al control de la presión arterial con antihipertensivos, la aparición de daño renal en la HTA es frecuente y se mide clínicamente como un aumento en la excreción urinaria de albúmina (EUA). Este daño incipiente se define como microalbuminuria, puede progresar a macroalbuminuria y proteinuria durante el cur...

  5. Tratamento da persistência de canal arterial em recém-nascidos prematuros: análise clínica e cirúrgica Patent ductus arteriosus treatment in the premature newborn: clinical and surgical analisys

    Rafael Fagionato Locali

    2008-05-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: O tratamento cirúrgico da persistência de canal arterial é indicado quando a intervenção clínica fracassa. No entanto, esse tratamento não é livre de complicações. OBJETIVO: Analisar aspectos clínicos e cirúrgicos envolvidos no tratamento da persistência do canal arterial, em recém-nascidos prematuros. MÉTODOS: No período de janeiro de 2000 a junho de 2006, foram analisados 22 recém-nascidos prematuros submetidos a tratamento cirúrgico para persistência de canal arterial. Do total de pacientes, 77,3% eram do sexo feminino, com peso médio ao nascimento de 952,5 g e idade gestacional média de 27 semanas. O uso de agentes vasoativos, indometacina, parâmetros ecocardiográficos e complicações, nos períodos pré e pós-operatórios, foi avaliado. RESULTADOS: Na casuística avaliada, 59,1% dos pacientes necessitaram de intubação orotraqueal ao nascimento; 77,3%, de surfactante; e 59,1% usaram agentes vasoativos no pré-operatório. O número médio de aplicações de indometacina foi de 3,4, com dosagem variando de 0,1 a 0,25 mg/kg/dia. O calibre médio do canal arterial foi de 1,96 mm. O procedimento cirúrgico foi realizado por abordagem extrapleural em 59,1% dos casos, e no pós-operatório o tempo médio de intubação foi de 30,9 dias, com emprego de agentes vasoativos em 50% dos pacientes. Observaram-se 18,1% de complicações pós-operatórias não-fatais. CONCLUSÃO: Mais da metade dos pacientes necessitou de intubação orotraqueal ao nascimento, emprego de surfactante e agentes vasoativos no período pré-operatório. Houve maior prevalência de abordagem extrapleural durante o ato operatório. No período pós-operatório, houve menor demanda de agentes vasoativos e não houve óbitos diretamente relacionados ao procedimento cirúrgico.BACKGROUND: The surgical treatment of patency ductus arteriosus is indicated when the clinical intervention fails. However, this treatment may have some complications

  6. As representações sociais de mulheres portadoras de Hipertensão Arterial Las representaciones sociales de mujeres que tienen Hipertension Arterial Social representations of women who live with High Blood Pressure

    Maria Enoia Dantas Costa e Silva

    2008-08-01

    Full Text Available A Hipertensão Arterial, grave problema de Saúde Pública, afeta grande parte da população mundial e apresenta dificuldades para seu controle. Este estudo teve como objetivo apreender as representações sociais de mulheres, sobre o "ser portadora da doença", no contexto familiar, explorando aspectos psicossociais relacionados a sentimentos e comportamentos capazes de influenciar práticas de tratamento e controle da doença. Realizado em Teresina-PI, com 25 mulheres assistidas num centro de saúde. As informações coletadas foram organizadas num "corpus" processado pelo software ALCESTE 4.5. Emergiram três unidades de contexto inicial (u.c.i., apontando as manifestações / sentimentos / representações sociais das portadoras. Estas influenciam na produção e circulação de conhecimentos que orientam e definem comportamentos e condutas destas mulheres.La hipertensión arterial, problema de salud pública serio que afecte la mayor parte de a población del mundo, requiere la búsqueda para dificultades. El actual estudio se ocupó apreender de las representaciones sociales de los portadores de las mujeres sobre como cuál es ser portadores del la enfermedad en el contexto de la familia, y explorando los aspectos sicosociales se relacionó con sus sensaciones y comportamiento que pudieron interferir en su tratamiento y control de la enfermedad. Realizado en Teresina con 25 mujeres registradas en un centro de la salud. La información fue organizada en una "recopilación" y sometida al software 4.5 de ALCESTE, procesó la "recopilación" integrada por 3 unidades iniciales del contexto, demostrar las manifestaciones explicativas de los portadores sobre el tratamiento y el control de la enfermedad. Las representaciones sociales influencian el proceso de la producción y de la circulación del conocimiento que dirigen y definen el comportamiento y las conductas del portador hipertenso de la enfermedad.The Arterial Hypertension is considered

  7. Right-to-left shunt determination in dog lungs under inhalation anesthesia with rebreathing and non-rebreathing system Determinação de shunt venoso-arterial em pulmões de cães sob anestesia geral inalatória por sistemas com e sem reinalação

    André Leguthe Rosa

    2006-12-01

    Full Text Available PURPOSE: To investigatge right-to-left shunt determination in dog lungs under inhalantion anesthesia with non-rebreathing and rebreathing systems and fraction of inspired oxygen (F I O2 of 0.9 and 0.4, respectively. METHODS: Two groups of 10 dogs each under inhalation anesthesia with sevoflurane: GI in which it was utilized non-rebreathing semiclosed system and F I O2 = 0.9, and GII in which it was utilized rebreathing semiclosed system and F I O2 = 0.4. The study parameters were: heart rate, medium arterial pressure, right-to-left intrapulmonary shunt, hematocrit, hemoglobin, arterial partial pressure of oxygen, mixed venous partial pressure of oxygen, mixed venous oxygen saturation, arterial partial pressure of carbon dioxide, partial pressure of water in the alveoli. RESULTS: Shunt results were significantly different between the two groups - GI data were higher than GII in all the evaluated moments. Hence, the group with nonrebreathing (GI developed a superior grade of intrapulmonary shunt when compared with the rebreathing group (GII. The partial pressure of water in the alveoli was significantly higher in GII. CONCLUSION: The inhalation anesthesia with non-rebreathing system and F I O2 = 0.9 developed a higher grade of intrapulmonary right-to-left shunt when compared with the rebreathing system and F I O2 = 0.4. The higher humidity in GII contributed to the result.OBJETIVO: Comparar a formação de shunt venoso-arterial em pulmões de cães submetidos a anestesia geral inalatória utilizando-se sistemas de anestesia com e sem reinalação, com fração inspirada de oxigênio de 0,4 e 0,9, respectivamente. MÉTODOS: Empregaram-se 20 cães induzidos com tiopental sódico (30mg/kg e mantidos com sevoflurano (3% e alocados em dois grupos (n=10; os animais de GI foram ventilados com modalidade controlada em sistema semifechado, sem reinalação, F I O2 = 0,9, e os de GII, com modalidade controlada, sistema semifechado, com reinalação e F I O2

  8. Trimetazidina e resposta inflamatória em cirurgia de revascularização do miocárdio Trimetazidine and inflammatory response in coronary artery bypass grafting

    Gerez Fernandes Martins

    2012-08-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A resposta inflamatória orgânica constitui um mecanismo fisiopatológico presente em todas as cirurgias de revascularização do miocárdio com circulação extracorpórea (CRVM-CEC, e a liberação de mediadores inflamatórios constitui um de seus mecanismos de defesa. OBJETIVO: Avaliar, em estudo prospectivo duplo-cego randomizado e controlado com placebo, os efeitos da trimetazidina (Tmz sobre a resposta inflamatória, por meio da variação nas interleucinas 6 e 8; TNF-α; complementos C3 e C5, e na proteína C reativa ultrassensível (PCR-us, em dois momentos, pré e pós-operatório. MÉTODOS: Foram estudados 30 pacientes submetidos a CRVM-CEC utilizando cardioplegia hipotérmica intermitente, e com no máximo disfunção ventricular leve, divididos em dois grupos (placebo e Tmz, estratificados por ecocardiografia e recebendo medicação/placebo na dose de 60mg/dia. As amostras foram dosadas no pré-operatório sem medicação, no dia da cirurgia com 12 a 15 dias de medicação/placebo e, seguidamente, 5 min após o desclampeamento aórtico, 12 e 24h, para interleucinas e complementos, e 48h para PCR. RESULTADOS: Não ocorreram diferenças significativas entre os níveis de interleucina 8, Tnf-α, complementos C3 e C5, e PCR-us. No entanto, no grupo tratado, os níveis de interleucina 6 foram significativamente inferiores aos do grupo controle, em todos os momentos analisados. CONCLUSÃO: A trimetazidina mostrou-se eficaz apenas na redução da interleucina 6 nos pacientes submetidos à CRVM.BACKGROUND: Organic inflammatory response is a pathophysiological mechanism present at every coronary artery bypass grafting with extracorporeal circulation (CABG-ECC, the release of inflammatory mediators being one of its defense mechanisms. OBJECTIVE: To assess, in a prospective double-blind randomized and placebo-controlled study, the effects of trimetazidine (Tmz on the inflammatory response, by using the variation in interleukins 6

  9. Validação de um protocolo para o teste de caminhada de seis minutos em esteira para avaliação de pacientes com hipertensão arterial pulmonar Validation of a treadmill six-minute walk test protocol for the evaluation of patients with pulmonary arterial hypertension

    Viviane Moreira de Camargo

    2009-05-01

    Full Text Available OBJETIVO: Elaborar e validar um protocolo para teste de caminhada de seis minutos em esteira (TC6est para a avaliação de pacientes com hipertensão arterial pulmonar (HAP. MÉTODOS: A população do estudo foi composta por 73 pacientes com HAP diagnosticados através de cateterismo cardíaco direito, com ou sem inalação de NO. Todos os pacientes realizaram um TC6 em solo e três TC6est baseados em um protocolo de incremento de velocidade pré-determinado e intercalados por um período de repouso. Os pacientes que haviam realizado o teste hemodinâmico com inalação de NO realizaram o terceiro TC6est com a inalação da mesma dose de NO utilizada durante o cateterismo. RESULTADOS: Os resultados mostraram uma correlação da distância caminhada no TC6est com os dados hemodinâmicos, assim como com a classe funcional e com a distância caminhada no solo. Além disso, a distância percorrida no TC6est apresentou uma correlação significativa com a sobrevida, confirmando, portanto, sua correlação com a gravidade da doença. A inalação de NO durante o TC6est levou a variações compatíveis com as variações hemodinâmicas frente à mesma dose de NO, sugerindo que o protocolo em questão pode refletir o efeito de intervenções terapêuticas. CONCLUSÕES: Concluímos que a distância percorrida no TC6est é um marcador funcional e prognóstico na avaliação de rotina de pacientes com HAP.OBJECTIVE: To develop and validate a protocol for the treadmill six-minute walk test (tread6MWT to evaluate patients with pulmonary arterial hypertension (PAH. METHODS:The study population comprised 73 patients with PAH, diagnosed by means of right heart catheterization, with or without NO inhalation. All patients performed a hallway 6MWT and three tread6MWTs based on a pre-determined incremental speed protocol and interposed by a rest period. The patients who had been submitted to hemodynamic testing using NO performed the third tread6MWT while inhaling

  10. Medida da pressão arterial em crianças e adolescentes: recomendações das diretrizes de hipertensão arterial e prática médica atual Blood pressure measurement in children and adolescents: guidelines of high blood pressure recommendations and current clinical practice

    Maria Alayde Mendonça da Silva

    2007-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar, em crianças e adolescentes (7 a 17 anos, rede pública e privada de ensino, a freqüência de indivíduos já submetidos à medida da pressão arterial (MPA, o número de vezes, os locais em que foi realizada a aferição e o resultado informado. MÉTODOS: Estudo transversal. Amostragem por conglomerados em 40 escolas, nível fundamental e médio, sorteadas. Cálculo da amostra baseado na prevalência esperada de HAS em crianças e adolescentes. Protocolo: questionário sobre realização prévia de MPA (em caso afirmativo, quantas vezes, quando foi a última medida, o local e o resultado da medida e duas MPA. Variáveis independentes: sexo, faixa etária, classe econômica, escola pública ou privada. RESULTADOS: Amostra constituída de 1253 estudantes 1215 responderam ao questionário (97% 531 do sexo masculino média de 12,4 ± 3 anos. Prevalência de HAS: 7,7% 348 estudantes (29% já haviam medido a PA (54% 1 vez 35% 2 a 4 vezes 11% 5 ou mais 53% há menos de 1 ano. Posto de Saúde, residência, hospital e consultório foram os locais mais mencionados (27%, 16%, 15% e 14%, respectivamente. Houve associação significante entre prévia MPA com faixa etária de 15 a 17 anos, classes econômicas A e B e ser estudante de escola privada. CONCLUSÃO: Apesar das recomendações, há baixa freqüência de MPA (29% em crianças e adolescentes, demonstrando que a mesma não foi ainda incorporada na prática clínica.OBJECTIVE: To determine, in a school-based sample of children and adolescents, aged from 7 to 17 years, of both gender, in public and private schools, the frequency of students already submitted to blood pressure measure. METHODS: A cross-sectional study was carried out, sampling from a population pool of elementary and middle schools, randomly selected. The sample was calculated based on the expected prevalence of hypertension for the age group. Data were collected through a questionnaire. Blood pressure was

  11. Estudo comparativo da pressão arterial e da prevalência de hipertensão arterial em duas coortes sucessivas (1975-1976 de estudantes de 16 a 25 anos, Botucatu, SP, Brasil Blood pressure levels and hipertension prevalence in 16 to 25 year-old students in Botucatu, S. Paulo, Brazil. A comparative study of two successive cohorts, 1975-1976

    Dináh Borges de Almeida

    1978-12-01

    Full Text Available Com o objetivo de determinar os níveis de pressão arterial e a prevalência de hipertensão arterial em uma população jovem, foram realizados pesquisas em dois anos sucessivos em 1.288 e 736 estudantes de Botucatu, SP (Brasil tendo sido comparados os resultados obtidos. As médias das pressões sistólicas da população estudada e dos dois grupos etários desta população (16 a 20 anos e 21 a 25 anos foram idênticas em ambos os anos, tendo as médias das pressões diastólicas diferido de no máximo 2 mmHg; as médias, tanto sistólicas quanto diastólicas, dos dois sexos e da parcela branca da população estudada quanto à idade e sexo também diferiram de no máximo 2 mmHg. As médias da população estudada e sua parcela branca, em ambos os anos, foram superiores no sexo masculino e no grupo etário de 21 a 25 anos. Na população negra e amarela houve disparidade de resultados entre 1975 e 1976, indicando influência da exiguidade do tamanho dos contigentes negro e amarelo desta população. A prevalência de hipertensão arterial (pressão sistólica igual ou maior que 140 mmHg e diastólica igual ou maior que 90 mmHg foi de 5,04% em 1975 e 6,22% em 1976, tendo sido em ambos os anos maior no sexo masculino do que no feminino e no grupo de 21 a 25 do que no de 16 a 20 anos.To determine the prevalence of hypertension and blood pressure levels in a young population group, two groups, one of 1288 students and another of 736, all from Botucatu, were investigated during two consecutive years, and the results were then compared. The mean values for systolic readings of the whole population, as for the two age groups (16 to 20 and 21 to 25 years old, were identical for both years studied; the diastolic mean values differed by 2 mmHg at most. The mean systolic and diastolic reading for both sexes and among the whites also differed by 2 mmHg at most. The mean values for the whole population and among the white population were higher for males

  12. Arterial stick

    ... be some throbbing. Why the Test Is Performed Blood transports oxygen, nutrients, waste products, and other materials within ... venous blood) mainly in its content of dissolved gases . Testing arterial blood shows the makeup of the blood before any ...

  13. Estudo comparativo entre efedrina e etilefrina como vasopressor para correção da hipotensão arterial materna em cesarianas eletivas com raquianestesia Estudio comparativo entre efedrina y etilefrina como vasopresor para correción de la hipotensión materna en cesáreas electivas con raquianestesia Ephedrine and etilefrine as vasopressor to correct maternal arterial hypotension during elective cesarean section under spinal anesthesia. Comparative study

    Sérgio D. Belzarena

    2006-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A efedrina é o vasopressor mais utilizado em obstetrícia e a etilefrina é muito usada em anestesia regional. O objetivo deste estudo foi comparar a efedrina com a etilefrina para correção de hipotensão arterial materna durante raquianestesia para cesariana eletiva. MÉTODO: Foram estudadas 120 gestantes divididas de forma aleatoria em dois grupos iguais. Todas receberam raquianestesia com bupivacaína, fentanil e morfina. Foi medida a pressão arterial não-invasiva e a freqüência cardíaca. Os recém-nascidos foram avaliados com o índice de Apgar. A incidência de hipotensão arterial, a quantidade de vasopressor necessária para correção e os efeitos adversos foram anotados. RESULTADOS: Ocorreu hipotensão arterial materna com freqüência nos dois grupos, sendo 68% do grupo etilefrina e 63% do grupo efedrina. Na maioria das gestantes foi corrigida com a primeira dose do vasopressor, sem diferença entre os grupos (66% etilefrina, 58% efedrina. A hipotensão arterial necessitou de duas ou mais doses de vasopressor para ser corrigida ou houve hipertensão reativa em poucas pacientes (24% e 10% do grupo etilefrina e 34% e 8% do grupo efedrina, respectivamente sem diferença estatística significativa. Não houve diferença nos efeitos adversos e nos testes dos recém-nascidos. CONCLUSÕES: Com o método de administração empregado e com as doses de vasopressor selecionadas não houve diferença entre a efedrina e a etilefrina quando utilizadas para corrigir a hipotensão arterial materna em cesarianas com raquianestesia.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La efedrina es el vasopresor más utilizado en obstetricia y la etilefrina es muy usada en anestesia regional. El objetivo de este estudio fue el de comparar la efedrina con la etilefrina para la corrección de la hipotensión arterial materna durante raquianestesia para cesárea electiva. MÉTODO: Se estudiaron 120 embarazadas divididas aleatoriamente en dos

  14. Detecção de hipertensão arterial em adolescentes através de marcadores gerais e adiposidade abdominal Detección de hipertensión arterial en adolescentes por medio de marcadores generales y adiposidad abdominal High blood pressure detection in adolescents by clustering overall and abdominal adiposity markers

    Diego G. D Christofaro

    2011-06-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A obesidade está ligada à hipertensão arterial (HA na infância. Entretanto, o papel da gordura como preditor de HA em adolescentes permanece desconhecido. OBJETIVO: Investigar a associação entre obesidade geral e abdominal com HA e identificar a sensibilidade e especificidade desses indicadores para detectar HA em adolescentes. MÉTODOS: A amostra consistiu em 1.021 adolescentes com idade de 10-17 anos. Os indivíduos foram classificados como normal, sobrepeso/obesidade, de acordo com as medidas do IMC, e como não-obeso com obesidade abdominal, de acordo com as medidas da circunferência da cintura (CC. A pressão arterial sistólica (PAS e diastólica (PAD foi avaliada através de um dispositivo oscilométrico. Regressão logística e curvas ROC foram usadas na análise estatística. RESULTADOS: A prevalência geral de HA foi 11,8% (13,4% em meninos e 10,2% em meninas. A prevalência de HA em meninos e meninas com sobrepeso/obesidade foi 10% e 11,1%, respectivamente. A prevalência de HA em meninos com obesidade abdominal foi 28,6%. Para ambos os sexos, o odds ratio (OR para HA foi mais alto na obesidade abdominal do que no sobrepeso/obesidade geral (4,09 [OR IC95% = 2,57-6,51] versus 1,83 [OR IC95% = 1,83-4,30]. O OR para HA foi mais alto quando sobrepeso/obesidade geral e obesidade abdominal estavam agrupados (OR = 4,35 [OR IC95% = 2,68 -7,05], do que quando identificados como sobrepeso/obesidade geral ou obesidade abdominal apenas (OR = 1,32 [OR IC95% = 0,65- 2,68]. Entretanto, ambos os tipos de obesidade apresentavam baixo poder preditivo na detecção de HA. CONCLUSÃO: Obesidade geral e obesidade abdominal foram associadas com HA; entretanto, a sensibilidade e especificidade dessas variáveis na detecção de HA são baixas em adolescentes brasileiros.BACKGROUND: Obesity is linked to high blood pressure (HBP in childhood. However, the role of fat as a predictor of HBP in adolescents remains unknown. OBJECTIVE: To

  15. Pressão Arterial em jovens como marcador de risco cardiovascular. Estudo do Rio de Janeiro Presión arterial en jóvenes como marcador de riesgo cardiovascular en jóvenes estudio de Rio de Janeiro Blood pressure in young individuals as a cardiovascular risk marker. The Rio de Janeiro study

    Erika Maria Gonçalves Campana

    2009-12-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: O estudo de variáveis de risco cardiovascular em populações jovens é fundamental para estratégias de prevenção primária OBJETIVO: Avaliar a pressão arterial (PA, perfil antropométrico e metabólico em jovens do Estudo do Rio de Janeiro, acompanhados por 17 anos. MÉTODOS: Foram avaliados 115 indivíduos (64 masculinos em três momentos (seguimento 212,23±16,0 meses: A1 (12,97±1,48 anos, A2 (21,90±1,71 anos e A3 (30,65±2,00 anos e divididos em dois grupos: GN (n=84 com pelo menos duas medidas de PA normais nas três avaliações; GH (n=31 com pelo menos duas medidas de PA anormais nas três avaliações. Nas três ocasiões foram obtidos: PA e índice de massa corporal (IMC. Em A2 e A3: glicose, triglicerídeos, colesterol total e frações. Em A3 acrescentou-se a circunferência abdominal (CA. RESULTADOS: 1 As médias da PA, IMC e CA (pFUNDAMENTO: El estudio de variables de riesgo cardiovascular en poblaciones jóvenes es fundamental para estrategias de prevención primaria. OBJETIVO: Evaluar la presión arterial (PA, perfil antropométrico y metabólico en jóvenes del Estudio de Rio de Janeiro, seguidos por 17 años. MÉTODOS: Se evaluaron 115 individuos (64 masculinos en tres momentos (seguimiento 212,23±16,0 meses: A1 (12,97±1,48 años, A2 (21,90±1,71 años y A3 (30,65±2,00 años y se dividieron en dos grupos: GN (n=84 con por lo menos dos medidas de PA normales en las tres evaluaciones; GH (n=31 con por lo menos dos medidas de PA anormales en las tres evaluaciones. En las tres ocasiones se obtuvieron: PA e índice de masa corporal (IMC. En A2 y A3: glucosa, triglicéridos, colesterol total y fracciones. En A3 se agregó la circunferencia abdominal (CA. RESULTADOS: 1 Los promedios de la PA, IMC y CA (pBACKGROUND: The study of the cardiovascular risk variables in young populations is fundamental to establish primary prevention strategies. OBJECTIVE: To evaluate the blood pressure (BP, anthropometric and metabolic

  16. Dermatoses em renais cronicos em terapia dialitica

    Luis Alberto Batista Peres

    2014-03-01

    Full Text Available Objetivo: As desordens cutâneas e das mucosas são comuns em pacientes em hemodiálise a longo prazo. A diálise prolonga a expectativa de vida, dando tempo para a manifestação destas anormalidades. Os objetivos deste estudo foram avaliar a prevalência de problemas dermatológicos em pacientes com doença renal crônica (DRC em hemodiálise. Métodos: Cento e quarenta e cinco pacientes com doença renal crônica em hemodiálise foram estudados. Todos os pacientes foram completamente analisados para as alterações cutâneas, de cabelos, mucosas e unhas por um único examinador e foram coletados dados de exames laboratoriais. Os dados foram armazenados em um banco de dados do Microsolft Excel e analisados por estatística descritiva. As variáveis contínuas foram comparadas pelo teste t de Student e as variáveis categóricas utilizando o teste do qui-quadrado ou o teste Exato de Fischer, conforme adequado. Resultados: O estudo incluiu 145 pacientes, com idade média de 53,6 ± 14,7 anos, predominantemente do sexo masculino (64,1% e caucasianos (90,0%. O tempo médio de diálise foi de 43,3 ± 42,3 meses. As principais doenças subjacentes foram: hipertensão arterial em 33,8%, diabetes mellitus em 29,6% e glomerulonefrite crônica em 13,1%. As principais manifestações dermatológicas observadas foram: xerose em 109 (75,2%, equimose em 87 (60,0%, prurido em 78 (53,8% e lentigo em 33 (22,8% pacientes. Conclusão: O nosso estudo mostrou a presença de mais do que uma dermatose por paciente. As alterações cutâneas são frequentes em pacientes em diálise. Mais estudos são necessários para melhor caracterização e manejo destas dermatoses.

  17. Manejo anestésico de la hipertensión arterial

    Lincoln de la Parte Pérez

    2003-03-01

    Full Text Available La hipertensión arterial eleva de forma inaceptable el riesgo en los pacientes sometidos a anestesia y se hace necesario un tratamiento meticuloso antes de la operación con el objetivo de controlarla. Se señalan los agentes de premedicación con los cuales se obtienen mejores resultados. Se realiza una revisión actualizada de las técnicas y agentes anestésicos empleados en el paciente hipertenso. Se expone el tratamiento médico preoperatorio actualizado, así como el tratamiento de las crisis de hipertensión arterial durante la anestesiaArterial hypertension increases in an unacceptable way the risk in patients receiving anesthesia. Therefore, a meticulous treatment is necessary before surgery in order to control it. The premedication agents with which better results are obtained are stressed. An updated review of the techniques and anesthetics used in the hypertensive patient is made. The updated postoperative medical treatment as well as the treatment of the crisis of arterial hypertension during anesthesia are dealt with

  18. Inhibidores de la enzima de conversión de la angiotensina en el tratamiento de la hipertensión arterial

    Alfredo Vázquez Vigoa

    1998-12-01

    Full Text Available Se presenta una revisión actualizada de la función de los inhibidores de la enzima de conversión de angiotensina (IECA en el tratamiento del paciente hipertenso. Se explica el mecanismo de acción de dichos fármacos, basado en el bloqueo de la generación de angiotensina II y en el incremento de péptidos vasodilatadores (bradiquinina, efectos que logran tanto a nivel del sistema renina-angiotensina circulante, como sobre el sistema renina-angiotensina hístico. Se resalta su utilidad en el paciente diabético hipertenso, donde aumenta la sensibilidad a la insulina y evita la aparición de nefropatía diabética. Se discute el impacto de los IECA sobre la regresión de la hipertrofia ventricular izquierda y su valor en la cardiopatía isquémica. Se concluye que los IECA constituyen una opción eficaz en el paciente hipertenso con normalización de las cifras de tensión arterial en el 60 % de los casos.An updated review of the function of angiotensin-converting enzyme inhibitors (ACEI in the treatment of hypertensive patient is set forth. The mechanism of the action of such drugs, based on the blocking of II angiotension generation and the increase of vasodilatador peptides (bradichinin, and their effects on both the circulating renin- -angiotensin system and the hystic renin-angiotensin system are explained. Their usefulness for treating hypertensive diabetic patient is underline since they invease sensitivity to insuline and prevent diabetic nephropathy. The impact of ACEI on regression of left ventricular hypertrophy and their importance in ischemic heart disease are discussed. It is concluded that ACEI are an effective alternative for hypertensive patient treatment because they help to normalize blood presure in 60 % of cases.

  19. Arterial stiffness

    Ursula Quinn

    2012-09-01

    Full Text Available Measurements of biomechanical properties of arteries have become an important surrogate outcome used in epidemiological and interventional cardiovascular research. Structural and functional differences of vessels in the arterial tree result in a dampening of pulsatility and smoothing of blood flow as it progresses to capillary level. A loss of arterial elastic properties results a range of linked pathophysiological changes within the circulation including increased pulse pressure, left ventricular hypertrophy, subendocardial ischaemia, vessel endothelial dysfunction and cardiac fibrosis. With increased arterial stiffness, the microvasculature of brain and kidneys are exposed to wider pressure fluctuations and may lead to increased risk of stroke and renal failure. Stiffening of the aorta, as measured by the gold-standard technique of aortic Pulse Wave Velocity (aPWV, is independently associated with adverse cardiovascular outcomes across many different patient groups and in the general population. Therefore, use of aPWV has been proposed for early detection of vascular damage and individual cardiovascular risk evaluation and it seems certain that measurement of arterial stiffness will become increasingly important in future clinical care. In this review we will consider some of the pathophysiological processes that result from arterial stiffening, how it is measured and factors that may drive it as well as potential avenues for therapy. In the face of an ageing population where mortality from atheromatous cardiovascular disease is falling, pathology associated with arterial stiffening will assume ever greater importance. Therefore, understanding these concepts for all clinicians involved in care of patients with cardiovascular disease will become vital.

  20. Associação de níveis plasmáticos de PAI-1 e polimorfismo 4G/5G em pacientes com doença arterial coronariana PAI-1 4G/5G polymorphism and plasma levels association in patients with coronary artery disease

    Luciana Moreira Lima

    2011-12-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: O polimorfismo 4G/5G do inibidor ativador do plasminogênio tipo 1 (PAI-1 pode influenciar a expressão do PAI-1. Níveis plasmáticos elevados de PAI-1 estão associados com Doença Arterial Coronariana (DAC. OBJETIVO: O presente estudo investigou a influência do polimorfismo 4G/5G do PAI-1 nos níveis plasmáticos de PAI-1 e sua associação com DAC avaliada por angiografia coronária. MÉTODOS: Foi avaliada amostra de sangue de 35 indivíduos com artérias coronárias angiograficamente normais, 31 indivíduos apresentando ateromatose leve/moderada, 57 indivíduos apresentando ateromatose grave e 38 indivíduos saudáveis (controles. Em pacientes e controles, o polimorfismo 4G/5G do PAI-1 foi determinado por amplificação da proteína-C reativa utilizando primers específicos de alelo. Os níveis plasmáticos de PAI-1 foram quantificados pelo ensaio ELISA (American Diagnostica. RESULTADOS: Não houve diferença entre os grupos quanto a sexo, idade e índice de massa corporal. Níveis plasmáticos de PAI-1 e frequência do genótipo 4G/4G mostravam-se significativamente maiores no grupo com ateromatose grave em comparação com os outros grupos (p 70% (p BACKGROUND: Type-1 plasminogen activator inhibitor (PAI-1 4G/5G polymorphism may influence the PAI-1 expression. High plasma levels of PAI-1 are associated with coronary artery disease (CAD. OBJECTIVE: This study investigated the influence of PAI-1 4G/5G polymorphism on plasma PAI-1 levels and its association with CAD assessed by coronary angiography. METHODS: Blood sample of 35 individuals with angiographycally normal coronary arteries, 31 individuals presenting mild/moderate atheromatosis, 57 individuals presenting severe atheromatosis and 38 healthy individuals (controls were evaluated. In patients and controls, the PAI-1 4G/5G polymorphism was determined by PCR amplification using allele-specific primers. Plasma PAI-1 levels were quantified by ELISA assay (American Diagnostica

  1. Avaliação da assistência a pessoas com hipertensão arterial em Unidades de Estratégia Saúde da Família Evaluation of care provided for people with arterial hypertension in Family Health Strategy Services

    Ernani Tiaraju de Santa Helena

    2010-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: analisar a assistência a pessoas com hipertensão arterial sistêmica (HAS prestada por equipes de Estratégia Saúde da Família (ESF em Blumenau-SC. MÉTODOS: foram entrevistadas 595 pessoas com HAS moradoras da área de 10 ESF. As variáveis estudadas foram: características demográficas e socioeconômicas, estilo de vida, tratamento, comorbidades, adesão ao tratamento, satisfação com o serviço e níveis pressóricos. Na análise, utilizaram-se os testes de "t de Student" e Qui-quadrado. RESULTADOS: a idade média foi 60,6 anos. Houve predomínio do sexo feminino, cor branca, casadas, com até quatro anos de estudo, sem trabalhar, das classes C e D. A média de escolaridade foi maior em pessoas brancas e das classes A e B (p 140x90mmHg 69,3%. O descontrole pressórico mostrou-se associado a não adesão, sedentarismo e classes C/D/E. CONCLUSÕES: apesar do acesso a consultas e medicamentos e da satisfação dos usuários, os valores elevados de não adesão e dos níveis pressóricos colocam como desafio a melhoria da qualidade da assistência.BACKGROUND: to analyse the health care provided for people with arterial hypertension by family health strategy teams in Blumenau, state of Santa Catarina, Brazil. METHODS: overall, 595 people with arterial hypertension who live in the area of 10 family health teams were interviewed. The studied variables were: demographic and socio-economic characteristics, life style, treatment, co-morbidities, adherence to treatment, satisfaction with health service and blood pressure. Descriptive statistics and association tests (Student's t-test, ANOVA, chi-square were used. RESULTS: the mean age was 60.6 years old. Most are female, white, married, with four or less years of formal education, unemployed, and with low social status. White people and those with high social status had more years of schooling (p 140x90mmHg was presented by 69.3% and was associated to non-adherence, sedentariness and low

  2. Impact on early and late mortality after blood transfusion in coronary artery bypass graft surgery Impacto na mortalidade precoce e tardia após transfusão de hemácias em cirurgia de revascularização miocárdica

    Antonio Alceu dos Santos

    2013-03-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To assess the 30-day and 1-year mortality associated to the red blood cell transfusion after coronary artery bypass grafting surgery. This procedure has been questioned by the international medical community, but it is still widely used in cardiac surgery. Therefore, it is needed more evidence of this medical practice in our country. METHODS: We retrospectively analyzed 3,004 patients who underwent coronary artery bypass grafting surgery between June 2009 and July 2010. Patients were divided into two groups: non-transfused and transfused. RESULTS: The transfused group totaled 1,888 (63% and non-transfused 1,116 (37%. There were 129 deaths in 30 days, with 108 (84% in the transfused group and 21 (16% in the non-transfused (POBJETIVO: Avaliar a mortalidade em 30 dias e em 1 ano associada à transfusão de glóbulos vermelhos após cirurgia de revascularização miocárdica. Esse procedimento já vem sendo questionado pela comunidade médica internacional, mas ainda é utilizado em grande escala em cirurgias cardíacas. Portanto, faz-se necessário mais evidência dessa prática médica em nosso meio. MÉTODOS: Analisamos retrospectivamente 3004 pacientes submetidos à cirurgia de revascularização miocárdica entre junho de 2009 e julho de 2010. Os pacientes foram divididos em dois grupos: Transfundidos e Não transfundidos. RESULTADOS: O grupo de pacientes transfundidos totalizaram 1888 (63% e o grupo não transfundidos 1116 (37%. Foi observado 129 óbitos em 30 dias, sendo 108 (84% no grupo transfundidos e 21 (16% no grupo não transfundidos (P<0,001. Os óbitos em um ano totalizaram 249 distribuídos em 212 (85% hemotransfundidos e 37 (15% sem transfusão (P<0,001. O odds ratio ajustado para mortalidade nos pacientes transfundidos foi de 2,00 (P=0,007 em 30 dias e 2,31 (P=0,003 em 1 ano. Mesmo em pacientes de baixo risco (idade<60 anos e com EuroSCORE < 2%, portanto com menos comorbidades, temos significativamente mais óbitos no

  3. Carotid artery surgery

    Carotid endarterectomy; CAS surgery; Carotid artery stenosis - surgery; Endarterectomy - carotid artery ... through the catheter around the blocked area during surgery. Your carotid artery is opened. The surgeon removes ...

  4. Prevalência de hipertensão arterial e fatores associados em estudantes de Ensino Médio de escolas públicas da Região Metropolitana do Recife, Pernambuco, Brasil, 2006 Prevalence of high blood pressure and associated factors in students from public schools in Greater Metropolitan Recife, Pernambuco State, Brazil, 2006

    Betânia da Mata Ribeiro Gomes

    2009-02-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi identificar a prevalência de hipertensão arterial sistêmica e fatores associados à saúde em adolescentes, por meio de estudo epidemiológico transversal de base populacional, realizado no período de abril a setembro de 2006, empregando amostragem estratificada segundo porte da escola e turnos. Utilizando-se o questionário Global School-based Student Health Survey, 1.878 estudantes de 29 escolas públicas da Região Metropolitana do Recife, Pernambuco, Brasil, foram investigados quanto a: idade; sexo; índice de massa corporal; consumo de frutas, verduras, álcool e tabaco; e pressão arterial, admitindo os parâmetros da Task Force Report on High Blood Pressure in Children and Adolescent, de 1996, para pressão arterial, do Centers for Disease Control and Prevention para estado nutricional. As prevalências de hipertensão arterial (medida apenas uma vez, sobrepeso e obesidade igualaram-se a 17,3%, 6,9% e 3,7%, respectivamente. Comportaram-se como fatores associados para hipertensão arterial: sexo masculino, obesidade, sobrepeso e falta de atividade física. Concluiu-se que o conhecimento dos fatores associados para hipertensão arterial em adolescentes poderá subsidiar campanhas de educação para a saúde.The aim of this study was to identify the prevalence of systemic arterial hypertension (high blood pressure and associated health factors in adolescents, using a cross-sectional, population-based, epidemiological design from April to September 2006, within a stratified sample according to school size and shift. Using the Portuguese version of the Global School-Based Student Health Survey questionnaire, 1,878 students from 29 public schools in Greater Metropolitan Recife, Pernambuco State, Brazil, were analyzed for: age, gender, body mass index, fruit, vegetable, alcohol, and tobacco consumption, as well as blood pressure, adopting the 1996 Task Force Report on High Blood Pressure in Children and

  5. Incremento en la dispersión de la onda P al disminuir el tiempo de eyección auricular en hipertensos y prehipertensos Increment in P wave dispersion by decreasing atrial ejection time in hypertensive and prehypertensive patients

    Elibet Chávez

    2011-07-01

    Full Text Available Introducción: hace algunos años se viene estudiando la relación entre disfunción diastólica y dispersión de la onda P del electrocardiograma, y en este sentido, la ecocardiografía emerge como herramienta para mejorar la estratificación de riesgo en hipertensos leves. Objetivo: determinar la dependencia de la dispersión de la onda P del electrocardiograma de variables ecocardiográficas en una población pediátrica. Métodos: se estudiaron 400 niños, de un total de 450, pertenecientes a tres escuelas primarias, y se excluyeron aquellos cuyos padres no desearon que participaran en el estudio y a quienes tuvieran patologías congénitas conocidas. Se realizó electrocardiograma de superficie de doce derivaciones y se practicaron cuatro tomas de presión arterial. Se midieron los valores de P máxima y P mínima, y se calculó la dispersión de la onda P del electrocardiograma; además se hizo, ecocardiografía para mediciones estructurales y Doppler pulsado del flujo mitral. Resultados: los valores de media para la duración de la onda A del flujo mitral no muestran diferencias significativas; sin embargo, existe un coeficiente de correlación (r y p significativos entre la dispersión de la onda P y la duración de la onda A del flujo mitral para normotensos (r= - 0,117 p=0,05, prehipertensos (r= - 0,309 p=0,001 e hipertensos (r= - 0,586 p=0,001. Existen diferencias significativas entre las medias de dispersión de la onda P entre los grupos de diagnóstico. Conclusiones: se evidencia dependencia de la dispersión de la onda P, del electrocardiograma y de la duración de la onda A del flujo de entrada mitral, hechos que se relacionan con riesgo de fibrilación auricular en el adulto, por lo que quizás este resultado dé un acercamiento a predicciones de riesgo más tempranas en edades pediátricas.Introduction: the relationship between diastolic dysfunction and P wave dispersion in the electrocardiogram is being studied since some

  6. Persistência de canal arterial e comunicação interventricular em recém-nascida a termo filha de pais testemunha de Jeová

    Robson Luis de Andrade Filho

    2015-10-01

    Full Text Available Introdução: A Declaração Universal dos Direitos do Homem, no inciso XVII, afirma que todo homem tem direito à liberdade de pensamento, consciência e religião; este direito inclui a liberdade de manifestar essa religião ou crença pelo ensino, pela prática, pelo culto e pela observância, isolada ou coletivamente, em público ou em particular. Diante disso, o objetivo é relatar o impasse médico diante do caso de uma paciente a termo de três meses de idade, portadora de canal arterial permanente e comunicação interventricular, cujos pais que professam a religião das testemunhas de Jeová, não autorizam a realização de cirurgia devido à necessidade do uso de componentes sanguíneos. Método: as informações foram obtidas mediante revisão de prontuário, entrevista com o médico responsável pelo caso e levantamento para estudo de literatura específica. Considerações finais e relevância: o caso relatado e o estudo das referências ressaltam que diante das condições previamente esclarecidas do paciente, a melhor intervenção possível é cirúrgica devido à persistência da condição, não sendo, porém permitida, devido a não aprovação por parte dos pais da criança. Evidencia-se assim, que a recusa ao recebimento de sangue total ou de seus componentes possui importante repercussão na esfera médica – acarretando dilemas éticos pois os médicos são instruídos a cuidar da manutenção da vida, porém no âmbito jurídico, se debate se é direito do paciente recusar um tratamento médico por objeção de consciência quando este, possivelmente, é o melhor a fim de preservar a vida do paciente.

  7. Avaliação da função renal do idoso em duas horas Evaluación de la función renal de ancianos en dos horas Two-hour evaluation of renal function in the elderly

    Maria do Carmo B. Sammartino Benarab

    2005-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Os idosos têm diminuição progressiva da função renal e os hipertensos, maior risco de lesão renal adicional no intra-operatório. Avalia-se a função renal pela depuração da creatinina, com débito urinário de 24 horas, para diluir o erro de possível volume vesical residual (VVR. O objetivo deste trabalho foi avaliar a função renal pré-operatória de idosos hipertensos e não-hipertensos, com débito urinário de duas horas, utilizando aparelho de ultra-som portátil para determinação do volume vesical residual. MÉTODO: Foram analisados 30 pacientes, distribuídos em dois grupos, Gn (15, idosos não-hipertensos, e Gh (15, idosos hipertensos, coletando-se urina durante 2 horas. Mediu-se o VVR com aparelho de ultra-som portátil. Analisaram-se os seguintes parâmetros: idade, sexo, estado físico, altura, peso, índice de massa corpórea, creatinina plasmática e urinária, sódio e potássio plasmáticos e urinários, osmolalidade plasmática e urinária, débito urinário, depuração da creatinina, osmolar e de água livre, excreção urinária e fracionária de sódio e potássio. Comparou-se a depuração estimada de creatinina com a depuração da creatinina. RESULTADOS: Os pacientes de Gn e Gh não apresentaram diferenças significativas quanto à maioria dos parâmetros estudados. Os idosos hipertensos apresentaram tendência a maior excreção fracionária de sódio e o potássio plasmático mostrou-se mais baixo nos hipertensos, porém com valores normais. A depuração estimada de creatinina correlacionou-se positivamente com a de creatinina apenas em Gn. CONCLUSÕES: Os pacientes hipertensos apresentaram potássio plasmático mais baixo e excretaram mais sódio, tendo ocorrido correspondência entre a depuração estimada de creatinina e a depuração da creatinina apenas para os pacientes do grupo dos não-hipertensos.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Los ancianos tienen disminución progresiva de

  8. Programa educativo para la incorporación de hipertensos de la tercera edad a la práctica de ejercicios físicos. Área Norte.2007.

    Yara Lydia Morgado Bode

    2008-07-01

    Full Text Available Con el fin de diseñar un Programa educativo para la incorporación de hipertensos (de la tercera edad a la práctica de ejercicio físico en el área de Salud Norte de la ciudad de Sancti-Spiritus se realizó esta investigación de desarrollo tecnológico durante el período 2006- 2007. La misma constó de dos etapas: una descriptiva, para identificar las características y procesos cognitivos de los pacientes hipertensos, además de los recursos humanos y materiales existentes en el área. Otra de desarrollo en función del diseño del programa. La población lo integraron 2619 hipertensos (adultos mayores del área urbana, del cual se seleccionó una muestra aleatoria de 176 que fue dividida, para su estudio en dos grupos: Sedentario y No sedentario. Las técnicas utilizadas fueron la revisión documental y la entrevista, dentro de esta última, la que se basó en el modelo de comportamiento ”Creencias en Salud” aplicada a los hipertensos de la tercera edad comprobó que la mayoría de estos son sedentarios, jubilados, con un nivel de escolaridad predominante de secundaria básica y más de 10 años de evolución su enfermedad y que desconocen la importancia de realizar ejercicio físico para controlar y evitar complicaciones (baja amenaza percibida, refiriendo múltiples barreras. Se concluye, que existe insuficiencias en las condiciones materiales y humanas del área e inadecuada coordinación, concreción estratégica y definición de objetivos comunes entre las organizaciones de masas, Salud e INDER, lo que motivó a la elaboración de un Programa a nivel comunitario e intersectorial en función de incorporar a los hipertensos de la tercera edad a la práctica del ejercicio físico sistemático sobre la base de sus creencias en salud y de las posibilidades reales del área.

  9. Avaliação tomográfica pulmonar tardia em prematuros com displasia broncopulmonar e persistência de canal arterial Late pulmonary tomography assessment in premature infants with bronchopulmonary dysplasia submitted to patent ductus arteriosus managemnent

    Lilian Beani

    2007-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliação tomográfica do parênquima pulmonar de crianças nascidas prematuras de muito baixo peso, com persistência do canal arterial submetidas a tratamento clínico ou cirúrgico e que apresentaram displasia broncopulmonar. MÉTODOS: Entre dezembro de 2006 e janeiro de 2007, 14 crianças foram submetidas à tomografia computadorizada de alta resolução (TCAR, que nasceram prematuras, peso inferior a 1500 gramas, com displasia broncopulmonar (DBP e persistência do canal arterial (PCA, os quais necessitaram tratamento para oclusão do canal, sendo divididos em dois grupos: A - clínico (n = 6 e B - cirúrgico (n = 8. Nove pacientes eram do sexo masculino e cinco, do feminino, com idade média de 36,5±4,3 meses. As TCAR foram analisadas por dois observadores independentes e as lesões quantificadas em cada paciente. Para análises estatísticas, foi utilizado o teste de Mann-Whitney e considerados significantes valores de pOBJECTIVE: To assess through high-resolution computed tomography the pulmonary parenchyma of children prematurely born with both very low birth weight and patent ductus arteriosus submitted to medical or surgical treatment that developed bronchopulmonary dysplasia. METHODS: Between December 2006 and January 2007, 14 children prematurely born with a weight less than 1500g with bronchopulmonary dysplasia (BPD and patent ductus arteriosus (PDA were submitted to high-resolution computed tomography (HRCT. All of them underwent surgical closure of the canal divided into two groups: A - medical (n=6 and B - surgical (n=8. The pool of patients comprised 9 baby boys and 5 girls who were 36.5±4.3 month-old. The HRCT were analyzed by two independent observers and quantified in each patient. The statistical analyses were assessed using the Mann-Whitney test, and p<0.05 was considered statistically significant. RESULTS: Three patients presented normal tomographies, being two of A group and one of B. In A, the most

  10. Morphometric analysis of the intimal reaction after stent implantation in iliac arteries submitted to angioplasty in pigs Análise morfométrica da reação intimal secundária ao implante de stent em artérias ilíacas submetidas à angioplastia em suínos

    Cyro Castro Júnior

    2006-06-01

    Full Text Available PURPOSE: To compare through digital morphometry, the intimal thickening of the common ilíac arteries (CIA in pigs, submitted to angioplasty and angioplasty followed by stent implantation. METHODS: Angioplasty was performed in 10 pigs in both CIA, followed by a stent implantation in the left CIA. After four weeks, the aorto-iliac segment was dissected. Histologic slices where divided in three groups: left CIA in the area of the proximal (group 1 and distal (group 2 implantation site of the stent and the region of angioplasty in the right CIA (group 3. The histological slices were digitalized to be analyzed by morphometry with calculation of the luminal, intimal and media layers areas. Descriptive statistics analysis was performed through average and standard deviation of areas on each group, using ANOVA, with LSD Post-Hoc test (pOBJETIVO: Analisar, por meio da morfometria digital, o espessamento intimal das artérias ilíacas comuns (AIC de suínos, submetidas à angioplastia e à angioplastia seguida do implante de stent. MÉTODOS: Em dez suínos, foi realizada a angioplastia da AIC bilateral, seguida do implante do stent na AIC esquerda. Após quatro semanas, o segmento aorto-ilíaco foi retirado. As lâminas histológicas foram divididas em três grupos: segmento proximal (grupo 1 e distal (grupo 2 do local de implante do stent na AIC esquerda e a área da angioplastia da AIC direita (grupo 3. As imagens das lâminas foram digitalizadas e analisadas por programa de morfometria com cálculo das áreas luminal, da camada íntima e da camada média dos cortes histológicos. A análise estatística foi realizada através de média e desvio padrão das áreas em cada grupo, utilizando ANOVA, com teste Post-Hoc LSD (p<0,05. RESULTADOS: Na análise das médias das áreas obtidas, foi encontrada diferença estatisticamente significativa quanto à camada íntima dos grupos 1 e 2, quando comparados ao grupo 3 e em relação à camada média dos grupos

  11. Estudio de las representaciones sociales de la hipertensión arterial según género (Social Representations Study of Arterial Hypertension According to Gender

    Silvia Deborah Ofman

    2015-06-01

    Full Text Available Resumen: El objetivo del presente estudio es identificar, de acuerdo al género, la estructura de las representaciones sociales de la hipertensión arterial que presentan los/as pacientes hipertensos/as. El diseño es descriptivo comparativo, de corte transversal, utilizando metodología cuantitativa y cualitativa. La muestra estuvo integrada por 200 pacientes hipertensos/ as adultos/as (100 varones y 100 mujeres, reclutados/as de distintos centros de salud de la Ciudad Autónoma de Buenos Aires (Argentina. Los instrumentos utilizados fueron el Cuestionario sociodemográfico y clínico, la Asociación de palabras de Abric y el Cuestionario sobre creencias de la hipertensión arterial, elaborado ad hoc. Los resultados denotan cierta reproducción de los estereotipos de género en el anclaje de las representaciones sociales. Los varones se refieren más a los aspectos biomédicos y las mujeres a los factores emocionales. El énfasis en una de las causas de esta problemática conllevaría el riesgo de que cada grupo no se sienta vulnerable frente a otros factores que también influyen en el enfermar. Abstract: The objective of this study is to identify, according to gender, the structure of social representations of arterial hypertension presented by hypertensive patients. The design is descriptive-comparative, cross-sectional, using quantitative and qualitative methodologies. The sample consisted of 200 hypertensive patients/adults (100 men and 100 women, recruited from different health centers in Autonomous City of Buenos Aires (Argentina. The instruments used were the Socio-demographic and clinical questionnaire, the Word Associations by Abric, and the Questionnaire about beliefs in arterial hypertension, developed ad hoc. The results show certain playback of gender stereotypes in the anchor of social representations. The men relate more to the biomedical aspects and women to the emotional factors. The emphasis in one of the causes of this

  12. Current status of infrapopliteal artery stenting in patients with critical limb ischemia Estado atual do uso de stents na artéria infrapolítea em pacientes com isquemia crítica do membro

    Marc Bosiers

    2008-09-01

    Full Text Available Due to the fear that early thrombosis and late luminal loss resulting from intimal hyperplasia might impede sustained patency of small-caliber arteries, such as those of the infrapopliteal bed, stent implantation in below-knee vessels remains controversial and is generally reserved for cases with a suboptimal outcome after percutaneous transluminal angioplasty (i.e. > 50% residual stenosis, flow-limiting dissection. Although evidence starts to build, favoring the use of stenting in the tibial area, results of well-conducted randomized controlled trials have to be awaited to change this strategy. Because of diameter similarities with coronary arteries, the first stents applied in the infrapopliteal vessels were all coronary devices. Once the feasibility of the stenting approach with these coronary products was shown, device manufacturers started to develop a dedicated infrapopliteal product range. To date, a broad spectrum of stent types has been used and investigated for the given indication. This article overviews the available literature and results of different balloon-expandable (bare metal, passive coated, drug eluting, self-expanding and absorbable stent types available for below-the-knee application and gives recommendations for future device technology advancements.Devido ao receio de que a trombose precoce ou a estenose tardia por hiperplasia intimal possam impedir a manutenção da perviedade em vasos de pequeno calibre, o uso de stents pós-angioplastia no leito arterial infrapoplíteo permanece controverso e geralmente é reservado aos casos de resultado subótimo após angioplastia transluminal percutânea (isto é, estenose residual > 50% ou dissecção com limitação do fluxo. Apesar de evidências começarem a favorecer o uso de stents no segmento tibial, é necessário aguardar o resultado de ensaios controlados, randomizados e bem conduzidos para mudar esta estratégia. Sendo estes vasos infrapoplíteos de diâmetro similar

  13. Função Atrial Esquerda Prejudicada Associada com a Fibrilação Atrial Paroxística na Hipertensão

    Erhan Tenekecioglu

    2014-04-01

    Full Text Available Fundamento: A hipertensão arterial é o fator de risco mais prevalente e modificável para a fibrilação atrial. A sobrecarga de pressão no átrio esquerdo induz alterações fisiopatológicas que ocasionam alterações na função contrátil e nas propriedades elétricas. Objetivo: Nesse estudo, o objetivo foi avaliar a função do átrio esquerdo em pacientes hipertensos para determinar a associação entre a função atrial esquerda e a fibrilação atrial paroxística (FAP. Método: Foram estudados 57 pacientes hipertensos (idade: 53 ± 4 anos, fração de ejeção do ventrículo esquerdo: 76 ± 6,7%, incluindo 30 pacientes consecutivos com FAP e 30 indivíduos de controle pareados por idade. Os volumes do átrio esquerdo (AE foram medidos através do método biplano de Simpson modificado. Foram determinados três tipos de volume do AE: volume máximo do AE (AEVmax, contração atrial prematura do AE (AEVpreA e volume mínimo do AE (AEVmin. Foram calculadas as funções de esvaziamento do AE. Volume total de esvaziamento do AE = AEVmax - AEVmin e a FEtotal do AE = (AEVmax - AEVmin/AEVmax, volume de esvaziamento passivo do AE = AEVmax-AEVpreA, e a FE do AE = (AEVmax - AEVpreA/AEVmax, o volume de esvaziamento ativo do AE = AEVpreA- AEVmin e a FE ativa do AE = (AEVpreA - AEVmin/AEVpreA. Resultados: O período hipertenso é maior no grupo de hipertensos com FAP. O AEVmax aumentou significativamente no grupo de hipertensos com FAP quando comparado ao grupo de hipertensos sem FAP (p = 0,010. A FEAE diminuiu significativamente no grupo de hipertensos com FAP em comparação com o grupo de hipertensos sem FAP (p = 0,020. A' diminuiu no grupo de hipertensos com FAP quando comparado com hipertensos sem FAP (p = 0,044. Conclusão: O volume aumentado do AE e função de esvaziamento ativa do AE prejudicada foram associados com a FAP em pacientes hipertensos não tratados. Um período hipertenso mais longo está associado com a FAP.

  14. Factores esenciales en la medición clínica de la tensión arterial

    Reinerio Trujillo Fernández

    1997-08-01

    Full Text Available La medición clínica de la tensión arterial es un proceder clínico sencillo, barato y útil, tanto para el diagnóstico de la hipertensión arterial como para el seguimiento de los pacientes hipertensos. Durante dicha medición se debe tener en cuenta una serie de factores esenciales. Se puntualizan en este sentido, tanto los factores que son inherentes al paciente, como al equipo y la técnica utilizados. También se hace referencia a situaciones clínicas especiales que pueden conducir a una medición incorrecta de la tensión arterial y al modo de proceder en tales casosThe clinical measurement of arterial tension is a simple, cheap, and useful clinical procedure both for the diagnosis of hypertension and for the follow-up of hypertensive patients. During such measurement, a series of esential factors should be taken into account. Those factors inherent to the patient as well as to the equipment and technique used are stressed. Reference is also made to special clinical situations that may lead to an incorrect measurement of the arterial tension. What to do in such cases is also explained

  15. Estilos de vida de pacientes hipertensos atendidos com la Estrategia de Salud de la Familia Estilos de vida de pacientes hipertensos atendidos com a Estratégia de Saúde Familiar Hypertensive patients’ attended with the family health strategy lifestyle

    Elisabete Pimenta Araujo Paz

    2011-11-01

    Full Text Available Objetivo. Describir los estilos de vida de los pacientes hipertensos atendidos con la Estrategia de Salud de La Familia. Metodología. De octubre de 2009 a enero de 2010, se llevó a cabo un estudio transversal, en el que participaron 273 pacientes hipertensos seleccionados aleatoriamente del programa de salud familiar que atiende tres áreas de Piraí/RJ. Para la recolección de datos se utilizó el cuestionario "Estilo de Vida Fantástico". Resultados. De la muestra de estudio: el 61% eran mujeres, el 56% con 60 y más años, el 81% tenía bajo nivel de educación y 74% con bajos ingresos familiares. Los factores de riesgo más frecuentes fueron El sobrepeso u obesidad (72% y la diabetes mellitus (37%. La calificación del estilo de vida fue: 13% excelente, 55% muy bueno, 27% bueno y regular 4%. Conclusión. Aunque el estilo de invida se consideró satisfactorio, las condiciones socioeconômicas y el perfil de salud indican la persistencia de factores de riesgo de enfermedad cardiovascular.Objetivo. Descrever os estilos de vida dos pacientes hipertensos atendidos com a estratégia de Saúde Familiar. Metodologia. De outubro de 2009 a janeiro de 2010, levou-se a cabo um estudo transversal, no que participaram 273 pacientes hipertensos selecionados aleatoriamente do programa de Saúde Familiar que atende três áreas de Piraí/RJ (Brasil. Para a colheita de dados se utilizou o questionário "Estilo de Vida Fantástico". Resultados. Da mostra de estudo: o 61% eram mulheres, o 56% tinha 60 e mais anos, o 81% possuía sob nível de educação e 74% reportou ter baixos rendimentos familiares. Os fatores de risco mais frequentes foram o sobrepeso ou obesidade (72% e a diabete mellitus (37%. A qualificação do estilo de vida foi: 13% excelente, muito bom 55%, bom 27% e regular 4%. Conclusão. Ainda que o estilo de vida se considerou satisfatório, as condições e o perfil de saúde indicam a persistência de fatores de risco de doen

  16. Efeitos do modo ventilatório sobre variáveis hemogasométricas em equinos submetidos à mudança de decúbito durante a anestesia geral inalatória com halotano Effects of the ventilatory regimen on arterial blood gas variables in horses that underwent a change in body position during halothane anesthesia

    P.A. Sá

    2010-06-01

    Full Text Available Compararam-se os efeitos da ventilação espontânea (V E e controlada (V C em equinos submetidos à mudança de decúbito durante anestesia. Dezesseis animais foram equitativamente divididos em dois grupos: V E e V C. Os procedimentos cirúrgicos foram iniciados com os animais em decúbito lateral esquerdo (DLE e, após 75 minutos, os animais foram reposicionados em decúbito lateral direito (DLD. Análises hemogasométricas do sangue arterial foram realizadas após 30 e 75 minutos com os animais posicionados em cada decúbito (M1 e M2 no DLE e M3 e M4 no DLD, respectivamente. Durante a V E, observaram-se hipercapnia (PaCO2 >45mmHg, acidose respiratória (pH The effects of spontaneous (SV and controlled ventilation (CV were compared in horses undergoing changes in body position during anesthesia. Sixteen animals were equally distributed in two groups: SV and CV. All surgical procedures were commenced on left lateral recumbency (LLR and 75 minutes later the animals were repositioned on right lateral recumbency (RLR. Arterial blood gas analyses were performed at 30 and 75 minutes after each recumbency (M1 and M2 for LLR and M3 and M4 for RLR. Hypercapnia (PaCO2 >45mmHg, respiratory acidosis (pH <7.35, and significant decrease in PaO2 after 75min of change in body position (M4: 205.8±124.7mmHg in comparison to PaO2 values before the change of position (M1: 271.8±84.8mmHg were observed during SV. When compared to the SV group, CV resulted in significantly higher PaO2 levels (52 to 96% increase. It was concluded that the change in the body position in spontaneously ventilating halothane-anesthetized horses causes impairment in arterial oxygenation. The use of CV since the beginning of anesthesia prevents the respiratory acidosis and maintains arterial oxygen levels that are closer to values expected during the use of 100% O2.

  17. Factores asociados al control de la hipertension arterial en personas mayores de 60 años en España

    Rafael Tuesca-Molina

    2006-01-01

    Full Text Available Fundamento: En la última década se ha observado una mejora en el control de la hipertensión arterial en España. Dicho control repercute en la disminución de la morbimortalidad cardiovascular. El objetivo de este trabajo es identificar los factores asociados al control de la hipertensión arterial en varones y mujeres hipertensos diagnosticados que reciben tratamiento farmacológico. Métodos: Estudio descriptivo transversal, realizado a partir de los datos del estudio: «Hipertensión arterial y otros factores de riesgo en la población de 60 años y más de España». La muestra, incluyó a 1.461 hipertensos diagnosticados tratados farmacológicamente, seleccionados por muestreo probabilístico y polietápico. La información se obtuvo por entrevista en el domicilio sobre el control de la hipertensión arterial, variables sociodemográficas, estilo de vida, uso de servicios de salud y calidad de vida relacionada con la salud. Resultados: No se observaron diferencias de genero en el control de la hipertensión (p=0,09. El control en varones se relaciona con residir en área rural (OR=1,83; IC al 95%: 1,06-3,14; ser soltero (OR=3,40; IC al 95%: 1,32-8,74 y realizar actividad física (OR=1,69; IC al 95%:1,06-2,69. Las mujeres que consumen alcohol de forma moderada controlan mejor la hipertensión (OR=1,63; IC al 95% 1,14-2,33. Conclusiones: Esta investigación determina según el género algunos factores relacionados con el control de la hipertensión en hipertensos diagnosticados y tratados farmacológicamente. En varones, el control se asoció significativamente con: residir en área rural, ser soltero y realizar alguna actividad física. Mientras, que en las mujeres el control se asoció con consumir alcohol de forma moderada.

  18. Arterial embolism

    ... when a clot in a vein enters the right side of the heart and passes through a hole into the left side. The clot can then move to an artery and block blood flow to the brain (stroke) or other organs. If a clot involves ...

  19. Reacção paradoxal da pressão arterial ao tratamento com pressão positiva na via aérea em doentes com apneia do sono

    C. Chaves Loureiro

    2011-03-01

    Full Text Available Resumo: Introdução: Doentes com síndrome de Apneia Obstrutiva do Sono (SAOS podem desenvolver hipertensão arterial (HTA sendo a pressão positiva na via aérea (PAP um tratamento eficaz no controlo da pressão arterial (PA. Objectivos: Analisar uma população de doentes com SAOS que desenvolveu aumento inesperado da PA após o uso de PAP e verificar a existência de correlações entre o aumento da PA, quer com os índices de gravidade da SAOS, quer com a adesão ao tratamento com suporte ventilatório nocturno. Métodos: Análise retrospectiva e descritiva de 30 doentes com SAOS e hipertensão previamente controlada, tratados com PAP, em média durante um ano, que desenvolveram um aumento da pressão arterial, definida como aumento de 5 mmHg na Pressão Arterial Sistólica (PAS e/ou Diastólica (PAD, após instituição de terapêutica PAP. Análise correlativa do aumento da PA com os índices de gravidade da SAOS e com a adesão ao tratamento, utilizando o coeficiente de Pearson. Resultados: De 508 doentes consecutivos seguidos no nosso Departamento, tratados com suporte ventilatório nocturno, 30 evoluíram com aumento de PA após o início do tratamento (idade 58 anos (SD 10,8, índice de Apneia-Hipopneia (IAH 46,1 (SD 18,68. Após o uso de PAP, a variação da Pressão Arterial Média (PAM, da PAS e da PAD foi, respectivamente, de 16 mmHg, 20 mmHg e 6 mmHg (SD: 15,0; 25,0; 19,4. Nenhum doente mostrou aumento significativo de Índice de Massa Corporal (IMC. O valor da Escala de Sonolência de Epworth (ESE diminuiu 8,9 pontos (SD 5,48. As variações de PAM, PAS e PAD não se relacionaram com P90/P95, IAH residual, fugas ou adesão a PAP. Conclusões: Neste grupo que desenvolveu um aumento da PA com o uso de PAP não se identificaram características específicas. Não foram encontradas correlações entre os aumentos

  20. Avaliação de uma escala de risco em pacientes submetidos à cirurgia de revascularização do miocárdio: análise de 400 casos Assessment of a risk scale in patients submitted to coronary artery bypass surgery: analysis of 400 cases

    Hélcio Giffhorn

    2008-03-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O objetivo deste estudo foi o de avaliar uma escala de risco baseada em um protocolo desenvolvido na The Cleveland Clinic Foundation para procedimento cirúrgico de revascularização do miocárdio (RM, utilizando os parâmetros de pré e peri-operatório e o quadro fisiológico do paciente na admissão à unidade de terapia intensiva (UTI. MÉTODO: No período de maio de 1999 a janeiro de 2002, parte dos pacientes submetidos a procedimento cirúrgico de RM no Serviço de Cirurgia Cardiovascular do Hospital Universitário Cajuru da Pontifícia Universidade Católica do Paraná, foram incluídos no protocolo de avaliação do grau de risco operatório, de modo prospectivo e consecutivo. Na avaliação pré-operatória um parâmetro de 7 corresponderam a casos mais graves. Para a avaliação na admissão à UTI, esta classificação foi associada a valores de parâmetros de 14. A morbidade foi classificada em complicações maiores e menores. Foram incluídos todos os pacientes em que foi possível obter o registro de todas as variáveis do protocolo. RESULTADOS: Foram avaliados 400 pacientes que fizeram cirurgia com e sem o uso da circulação extracorpórea (CEC. Os fatores de risco pré-operatórios mais encontrados foram a idade entre 65 e 74 anos em 111 casos (27,75%, peso abaixo de 65kg em 106 (26,5%, diabete melito em tratamento em 89 (22,25%. O tempo de CEC foi acima de 160 minutos em 13 casos (6,95% e o balão intra-aórtico utilizado em 11 (2,75%. No quadro fisiológico de admissão à UTI, a diferença alvéolo-arterial igual ou acima de 250 mmHg foi o parâmetro mais encontrado em 334 pacientes (83,5%, o bicarbonato de sódio arterial abaixo de 21 mmol/L foi identificado em 265 pacientes (66,25%, e o desempenho cardiovascular marginal ou inadequado foi observado em 263 pacientes (65,75%. Complicações maiores ocorreram em 124 pacientes (31% e a síndrome de baixo débito foi mais freqüente em 64 (51

  1. Estilo de vida y percepción de los cuidados en pacientes crónicos: hipertensos y diabéticos

    María Lourdes Jiménez Navascués

    2015-12-01

    Full Text Available Objetivo: Conocer el estilo de vida de pacientes crónicos hipertensos y diabéticos, determinar los fenómenos que influyen en su autocuidado y analizar su percepción del cuidado profesional. Metodología: Estudio cualitativo de tipo biográfico, entrevistas semiestructuradas. Los relatos fueron analizados desde el marco propuesto por el grupo de investigación "Aurora Mas". Resultados: Los informantes tienen asumidas sus enfermedades y autocuidados. Adoptan un estilo de vida saludable, valoran positivamente el apoyo de sus redes sociales y familiares. Muestran confianza y seguridad hacia los profesionales. Conclusiones: Las entrevistas son útiles para conocer los estilos de vida de pacientes crónicos, permiten analizar la percepción personal sobre los factores que influyen en su autocuidado. Los profesionales sanitarios deben controlar los indicadores fisiológicos de las enfermedades crónicas y las dimensiones emocionales y sociales de los pacientes, ya que inciden en la percepción de la Calidad de Vida.

  2. Um novo substituto vascular: arterioplastia femoral em cães com remendo de membrana de biopolímero de cana-de-açúcar - avaliação hemodinâmica e histopatológica A new vascular substitute: femoral artery angioplasty in dogs using sugarcane biopolymer membrane patch - hemodynamic and histopathologic evaluation

    Silvio Romero de Barros Marques

    2007-12-01

    Full Text Available CONTEXTO: A obtenção de um substituto arterial ideal para o emprego nas reconstruções das artérias de pequeno e médio calibre é ainda o principal objetivo da maioria das pesquisas científicas desenvolvidas no campo dos substitutos vasculares. A membrana de biopolímero de cana-de-açúcar pode ser de grande utilidade para a realização das reconstruções arteriais em vasos de calibre inferior a 4 mm e assim permitir o tratamento de doenças que afetam milhões de pessoas no Brasil e em todo o mundo. OBJETIVO: Avaliar do ponto de vista hemodinâmico e histopatológico o comportamento da membrana do biopolímero de cana-de-açúcar quando utilizada com remendo em arterioplastias femorais em cães. MÉTODO: Oito cães adultos mestiços sob anestesia geral foram submetidos no Núcleo de Cirurgia Experimental do Centro de Ciências da Saúde-UFPE a velocimetria Doppler percutânea das artérias femorais direita e esquerda para controle pré-operatório. Sob condições de assepsia e anti-sepsia, os cães foram submetidos a arterioplastia femoral bilateral com remendos da membrana de biopolímero de cana-de-açúcar no lado esquerdo e de PTFE expandido (e-PTFE no lado direito. Na primeira semana pós-operatória, os cães foram submetidos a avaliação clínica diária e semanal a partir do oitavo dia. A avaliação clínica consistiu no exame dos pulsos femorais, na avaliação da marcha e na observação da presença de tumor pulsátil, hematoma ou hemorragia e infecção da ferida operatória. Após 180 dias das arterioplastias, sob anestesia geral, procedeu-se nova fluxometria Doppler percutânea das artérias femorais. Os animais foram submetidos à dissecção das artérias femorais, medido o diâmetro arterial e realizada velocimetria Doppler trans-operatória em pontos proximal e distal à arterioplastia. A seguir foi realizada laparotomia e exposição da aorta abdominal para acesso arteriográfico. Os segmentos das art

  3. Valor preditivo da angina em detectar doença coronariana em pacientes com estenose aórtica grave a partir da quinta década de vida Predictive value of angina to detect coronary artery disease in patients with severe aortic stenosis aged 50 years or older

    Aline Alves Vargas Gonçalves

    2006-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: O objetivo deste estudo é verificar o valor de previsão da angina de peito no diagnóstico da DAC em pacientes portadores de EA, a partir da quinta década de vida. MÉTODOS: A população estudada foi constituída por 186 pacientes consecutivos com EA e idade e" 50 anos, referidos para cirurgia de troca valvar aórtica entre junho de 1989 e setembro de 2004. Cinecoronariografia de rotina foi realizada em todos os pacientes. Cento e um eram homens (54,3% e 85, mulheres (45,7%, com idade de 66±8 anos. Angina estava presente em 124 pacientes (66,7%. O gradiente máximo transvalvar aórtico foi de 89,4±27,6 mmHg e a área valvar aórtica de 0,59±0,17 cm2. Calculamos a sensibilidade, a especificidade, o valor de previsão positivo e negativo e a razão de verossimilhança positiva da angina na predição da presença de DAC. RESULTADOS: DAC estava presente em 93 pacientes (50%. Dos 124 pacientes com angina, 68 (54,8% apresentavam DAC; enquanto dos 62 sem angina, 25 apresentavam DAC (40,3%. Portanto, a sensibilidade da angina para DAC foi de 73,1%, a especificidade de 39,7%, valor preditivo positivo de 54,8%, valor preditivo negativo de 59,6% e razão de verossimilhança positiva de 1,6. CONCLUSÃO: A angina de peito não é bom preditor da presença de DAC em pacientes com EA a partir da quinta década de vida.OBJECTIVE: The objective of this study is to evaluate the value of angina pectoris as a predictor of CAD (coronary artery disease in patients with AS (aortic stenosis during and beyond the 5th decade of life. METHODS: The study population consisted of 186 consecutive patients with AS and e" 50 years of age, referred for surgical aortic valve replacement (AVR between June 1989 and September 2004. Routine coronary angiography was performed for all patients. One hundred and one patients were males (54.3% and 85 were females (45.7%, and the mean age was 66±8 years. One hundred and twenty-four patients (66.7% had angina. The maximum

  4. Análise comparativa entre a vascularização arterial ventricular e do nó sinoatrial em corações de cães Comparative analysis between both ventricular and sinoatrial node arterial vascularization in heart of dogs

    Caio Biasi

    2013-01-01

    Full Text Available Utilizamos nesta pesquisa 40 corações de cães adultos, machos e fêmeas, de idades variadas, que não portavam nenhuma afecção cardíaca. Os corações tiveram as artérias coronárias injetadas, separadamente, com Neoprene Látex 450, corado com pigmento vermelho, e posteriormente dissecados. Em todas estas preparações verificamos que na vascularização dos ventrículos predominava a artéria coronária esquerda que fornecia os ramos interventriculares paraconal e subsinuoso. Já, a região ocupada pelo nó sinoatrial ficava mais frequentemente (17 vezes, 42,5% na dependência do ramo proximal atrial esquerdo ou de colateral deste vaso, oriundo do ramo circunflexo esquerdo, ou deste vaso associado ao ramo distal atrial direito (8 vezes, 20%, procedente do ramo circunflexo direito. Com menor frequência (14 vezes, 30%, a área tomada pelo nó sinoatrial, encontramos apenas colaterais do ramo circunflexo direito, mais exatamente somente o ramo distal atrial direito (10 vezes, 25%, apenas o ramo proximal atrial direito (3 vezes, 7,5% ou ainda exclusivamente o ramo intermédio atrial direito (1 vez, 2,5%. Em um único caso (1 vez, 2,5% no território do nó sinoatrial observamos apenas colateral do ramo circunflexo esquerdo, isto é o ramo distal atrial esquerdo. A análise destes resultados permite concluir, que nesta espécie não existe qualquer tipo de relação entre o tipo de vascularização dos ventrículos e a irrigação do nó sinoatrial. Sendo assim, considerar os ramos ventriculares isoladamente não é suficiente para um entendimento clínico-cirúrgico aplicado, uma vez que os ramos atriais apresentam uma importante contribuição para a vascularização do nó sinoatrial.We analyzed 40 hearts of adult dogs, males and females of different ages, without cardiac disease. The hearts had the coronary arteries inject using Neoprene Latex 450, colored with red pigment, and which was then dissected. In the ventricular

  5. Exeqüibilidade, segurança e acurácia do ecocardiograma sob estresse com dobutamina/ atropina para detecção de doença arterial coronariana em candidatos a transplante renal Feasibility, safety and accuracy of dobutamine/atropine stress echocardiography for the detection of coronary artery disease in renal transplant candidates

    Pedro Antonio Muniz Ferreira

    2007-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a exeqüibilidade, a segurança e a acurácia diagnóstica do ecocardiograma sob estresse (EEDA com dobutamina/atropina em candidatos a transplante renal. MÉTODOS: Pacientes candidatos a transplante renal com e sem nefropatia diabética realizaram EEDA e cineangiocoronariografia. Consideraram-se dois pontos de corte para doença arterial coronariana (DAC: > 50% e > 70% de obstrução de uma artéria epicárdica. RESULTADOS: Cento e quarenta e oito pacientes realizaram o EEDA e a angiografia coronariana. A média de idade foi de 52±9 anos, 69% eram do sexo masculino, 27% tinham nefropatia diabética, e 73%, HVE; 63% estavam assintomáticos, 36% e 22% apresentaram obstruções coronarianas > 50% e > 70%, respectivamente. A exeqüibilidade foi de 91% e houve 2,7% de complicações maiores. Obtiveram-se as seguintes médias de sensibilidade, especificidade e acurácia, considerando obstrução coronariana > 50%: 53% (IC:45-61, 87% (IC:81-93, e 75% (IC:63-83, respectivamente. Para obstrução >70%, 71% (IC:64-92, 85% (IC:79-91 e 81% (IC:75-87. A sensibilidade para diagnosticar doença uniarterial foi 41% (IC:19-63 e doença multiarterial, 78% (IC:64-92. CONCLUSÃO: O EEDA foi exeqüível e seguro; entretanto, foi ineficiente para rastreamento de DAC, considerando obstruções > 50%, mas pode ser útil para detecção de DAC em pacientes com obstruções > 70% e doença multiarterial.OBJECTIVE: To evaluate the feasibility, safety and accuracy of dobutamine/atropine stress echocardiography (DASE for the detection of coronary artery desease (CAD in renal transplant candidates. METHODS: Patients candidates to renal transplant were submitted consecutively to DASE and coronary angiography. The adopted angiographic criteria for CAD were an obstructive lesion of > 50% and > 70%. RESULTS: 148 patients underwent the DASE and the coronary angiography. Mean age was 52 ± 9 years, 69% of the patients were males; 27% had diabetic nephropathy

  6. Prognóstico do duke-escore versus cintilografia em pacientes com fatores de risco para doença arterial coronariana: seguimento de um ano Prognosis of duke treadmill score versus scintilography in patients at risk for coronary artery disease: one year follow-up

    Carlos Alberto Gasperin

    2006-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Determinar a sensibilidade, a especificidade e o risco de eventos cardiovasculares em pacientes com Duke-escore (DE baixo, intermediário e alto risco, em comparação com a presença (ou não de defeitos de perfusão à cintilografia do miocárdio. MÉTODOS: Estudo prospectivo, consecutivo, com 173 pacientes com 2 ou mais fatores de risco para doença arterial coronariana (DAC, que foram submetidos à cintilografia de perfusão do miocárdio com tetrofosmin marcado com tecnécio-Tc 99m (CPM e ao teste ergométrico (aplicando-se o DE, de um bairro de Curitiba, entre janeiro de 2003 a fevereiro de 2004. Os pacientes tiveram seguimento de 13±1 meses e 162 completaram o acompanhamento. Foi avaliada a presença de morte, angina, infarto agudo do miocárdio, angioplastia coronariana e revascularização do miocárdio. RESULTADOS: A média do DE dos pacientes que apresentaram eventos (18 foi de -0,27 (95% IC= -3,97 a +3,91 e daqueles livres de eventos (144 foi de +4,92 (95% IC= +4,03 a +5,81, com pOBJECTIVE: The purpose was to determine the sensitivity, the specificity and a year-long risk of subsequent cardiovascular events in patients with low, intermediate and high risk prognostic Duke treadmill score (DTS in comparison with the presence (or not of the myocardial perfusion defects on radionuclide images. METHODS: A prospective study, with 173 consecutive patients with 02 or more risk factors to coronary artery disease (CAD, who underwent to exercise single photon - emission computed tomographic myocardial perfusion images using technetium-99m tetrophosmin (SPECT and treadmill test (with DTS, from one neighbourhood of Curitiba city, between January 2003 and February 2004, were followed up for cardiac-cause mortality and major cardiac events. Follow-up was performed in 13± 1 months and in 162 patients was complete. RESULTS: The DTS mean those patients with cardiac event (18 over a year was -0.27 (95% CI= -3.97 to +3.91 and those free

  7. Prevalência de verdadeiras crises hipertensivas e adequação da conduta médica em pacientes atendidos em um pronto-socorro geral com pressão arterial elevada Prevalence of true hypertensive crises and appropriateness of the medical management in patients with high blood pressure seen in a general emergency room

    Francisco das Chagas Monteiro Júnior

    2008-04-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Pressão arterial elevada é motivo freqüente de procura por pronto-socorro, sendo possível que muitos pacientes recebam erroneamente um diagnóstico de crise hipertensiva e, conseqüentemente, um tratamento inapropriado. OBJETIVO: Analisar os casos de pacientes com pressão arterial elevada atendidos em um pronto-socorro geral, quanto ao preenchimento de critérios para o diagnóstico de crise hipertensiva e a adequação da conduta médica. MÉTODOS: Dos 1.012 pacientes atendidos consecutivamente em um pronto-socorro geral privado de referência, em São Luís, Maranhão, entre agosto e novembro de 2003, 198 (19,56% tiveram como diagnóstico principal do atendimento pressão arterial elevada. Destes, de apenas 169 pacientes foi possível obter informação adequada nos boletins de atendimento, sendo 54,4% do sexo feminino, com média de idade de 53,3 ± 15,2 anos. Coletaram-se dados referentes aos pacientes e aos médicos atendentes, a fim de classificar cada caso como urgência, emergência ou pseudocrise hipertensiva, e a conduta médica como adequada ou inadequada. Procurou-se ainda identificar os fatores associados à conduta e ao uso de medicação anti-hipertensiva. RESULTADOS: Em apenas 27 pacientes (16% houve critérios para caracterização de uma crise hipertensiva, sendo todos estes classificados como urgências. A conduta médica foi considerada adequada em 72 casos (42,6%, não sofrendo influência da especialidade (p = 0,5 nem da experiência do médico (p = 0,9. Níveis tensionais, e não a presença ou ausência de sintomas, foram preditivos do uso de medicação anti-hipertensiva (p BACKGROUND: High blood pressure is a common reason for patients to seek an emergency room, and many of them may possibly be wrongly diagnosed with hypertensive crisis and, consequently, be inappropriately treated. OBJECTIVE: To analyze the cases of patients seen in a general emergency room because of high blood pressure as for meeting

  8. Sistematização da origem, da distribuição e dos territórios da artéria cerebral caudal na superfície do encéfalo em gatos Systematization of the origin, distribution and territory of the caudal cerebral artery on the surface of the encephalon in cats

    Eduardo Maurício Mendes de Lima

    2010-09-01

    Full Text Available Foram estudados 26 encéfalos de gatos, adultos, sem diferenciação de sexo, sem raça definida, corados com látex e fixados por solução aquosa de formaldeído. As artérias cerebrais caudais, direita e esquerda, apresentaram-se únicas em 96,1 e 88,4% dos casos, respectivamente. Em 69,2% dos casos no antímero direito e 80,8% no esquerdo, a artéria cerebral caudal originou-se pela anastomose entre o ramo caudal da artéria carótida interna, com maior contribuição, e o ramo terminal da artéria basilar. Em 88,4% dos casos no antímero direito e em 84,6% no esquerdo, a artéria cerebral caudal originou a artéria tectal rostral e um ramo caudal. O ramo caudal bifurcou-se e vascularizou os colículos rostrais e caudais dos corpos quadrigêmeos e em alguns casos contribuiu na formação do plexo coroide do terceiro ventrículo. A artéria tectal rostral seguiu ventralmente ao lobo piriforme e durante seu trajeto liberou ramos para o hipocampo e, no antímero esquerdo, supriu a superfície dorsal do tálamo, contribuindo para a formação do plexo coroide do terceiro ventrículo.In this study were used 26 brains of adult cats, without sex differentiation and definable race, colored with latex and fixed in formaldehyde aqueous solution. The right and left caudal cerebral arteries were single in 96.1% and 88.4% of the sample, respectively. In 69.2% of the samples on the right side and 80.8% on the left, the caudal cerebral artery fin from the anastomosis behind the caudal branch of the internal carotid artery, with a large contribution, and the basal artery terminal branch. In 88.4% of the samples on the right side and 84.6% on the left, the caudal cerebral artery showed the tectal rostral artery and one caudal branche. The caudal branch forked in two branches that supplied the rostral and caudal colliculis of the quadruplet bodies and formed the choroid plexus of the third ventricle. The tectal rostral artery followed ventrally to the

  9. O tratamento operatório da dissecção aórtica crônica tipo A em pacientes submetidos à revascularização cirúrgica do miocárdio Surgical treatment of chronic type A aortic dissection in patients undergoing coronary artery bypass grafting

    João Carlos Leal

    2010-09-01

    Full Text Available O tratamento operatório da dissecção aórtica é um desafio para o cirurgião cardíaco, sobretudo nos pacientes submetidos a operação cardíaca prévia. Nosso objetivo neste relato de caso é demonstrar como tratamos a dissecção aórtica crônica tipo A em paciente revascularizado utilizando cânulas arterial e venosa percutâneas.Surgical treatment of aortic dissection is a challenge for the cardiac surgeon, especially in patients undergoing cardiac operations. Our objective in this case report is to demonstrate how we treat the chronic type A aortic dissection in patients revascularized using percutaneous arterial and venous cannulae.

  10. Dopplervelocimetria das artérias uterinas na predição de complicações em gestações de baixo risco Uterine artery doppler velocimetry for the prediction of complications in low-risk pregnancies

    Fabrício da Silva Costa

    2005-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: determinar a validade da dopplervelocimetria das artérias uterinas na predição de complicações da gestação em população de nulíparas de baixo risco. MÉTODOS: foi conduzido estudo prospectivo que incluiu 45 pacientes primigestas, sem história de doenças crônicas. A dopplervelocimetria das artérias uterinas foi realizada entre 24 e 26 semanas, com determinação do índice de resistência (IR, índice de pulsatilidade (IP, relação S/D e a presença ou ausência de incisura na onda de velocidade de fluxo. Na análise estatística foi utilizado o teste de Mann-Whitney para amostras não paramétricas e o teste exato de Fisher foi utilizado na avaliação dos parâmentros qualitativos. RESULTADOS: complicações da gravidez foram observadas em 12 pacientes, com quatro casos de pré-eclâmpsia, um caso de recém-nascido pequeno para a idade gestacional (PIG, um caso de PIG e parto pré-termo (PPT, três casos de PPT, um caso de centralização fetal e dois casos de mecônio espesso no líquido amniótico no momento da resolução da gestação. Notamos que o IR (mediana 0,56 x 0,68, IP (mediana 0,98 x 1,29 e a relação S/D (mediana 2,2 x 2,9 estavam mais elevados no exame realizado entre a 24 e a 26ª semana nas pacientes que apresentaram qualquer complicação da gestação e não mostrou diferença nos casos de pré-eclâmpsia ou PIG. A presença de incisura bilateral apresentou sensibilidade de 100 e 90%, especificidade de 60,6 e 62,5%, valor preditivo positivo (VPP de 29,4 e 42,9%, valor preditivo negativo (VPN de 100 e 95,2% para a detecção de pré-eclâmpsia ou PIG e qualquer complicação da gestação, respectivamente. A dopplervelocimetria alterada apresentou sensibilidade de 83,3 e 83,3%, especificidade de 69,7 e 69,7%, VPP de 33,3 e 50,0%, VPN de 95,8 e 92,0% para a detecção de pré-eclâmpsia ou PIG e qualquer complicação da gestação, respectivamente. CONCLUSÃO: índices de alta impedância e a presen

  11. Controle inadequado da pressão arterial em pacientes com diabete melito tipo 2 Control inadecuado de la presión arterial en pacientes con diabetes melito tipo 2 Inadequate blood pressure control in patients with type 2 diabetes mellitus

    Lana C. Pinto

    2010-05-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Existem evidências indicando que o controle pressórico é mais efetivo na redução de complicações macrovasculares do diabete melito (DM do que o controle glicêmico. No entanto, a redução da PA para os níveis recomendados pelas diretrizes é difícil na prática clínica. OBJETIVO: Avaliar o percentual de pacientes que apresentavam simultaneamente DM tipo 2 e hipertensão arterial sistêmica (HAS, atendidos em hospital terciário, com controle pressórico adequado, e determinar os fatores clínicos e laboratoriais associados. MÉTODOS: Estudo transversal com 348 pacientes com DM tipo 2 e HAS atendidos no ambulatório de Endocrinologia do Hospital de Clínicas de Porto Alegre. Os pacientes foram submetidos à anamnese, exame físico, com medida da pressão arterial (PA, e foi coletada amostra de sangue e urina para análise laboratorial. Os pacientes foram divididos em três grupos: controle pressórico ideal (FUNDAMENTO: Hay evidencias indicando que el control de presión es más efectivo en la reducción de complicaciones macrovasculares de la diabetes melito (DM que el control glucémico. Sin embargo, la reducción de la PA para los niveles recomendados por las directrices es difícil en la práctica clínica. OBJETIVO: Evaluar el porcentual de pacientes que presentaban simultáneamente DM tipo 2 y hipertensión arterial sistémica (HAS, atendidos en hospital terciario, con control de presión adecuado, y determinar los factores clínicos y laboratoriales asociados. MÉTODOS: Estudio transversal con 348 pacientes con DM tipo 2 y HAS atendidos en el ambulatorio de Endocrinología del Hospital de Clínicas de Porto Alegre. Los pacientes fueron sometidos a anamnesis, examen físico, con medición de la presión arterial (PA, y se recolectó muestra de sangre y orina para análisis laboratorial. Los pacientes se dividieron en tres grupos: control de presión ideal ( 140/90 mmHg. RESULTADOS: El promedio de edad fue de 61,2

  12. Vitamina C restaura pressão arterial e a resposta vasodilatadora no antebraço em crianças obesas Vitamina C restaura presión arterial y respuesta vasodilatadora en el antebrazo en niños obesos Vitamin C restores blood pressure and vasodilator response during mental stress in obese children

    Pricilla Regina Oliveira Fernandes Fernandes

    2011-06-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A resposta vasodilatadora periférica tem um papel importante na fisiopatologia da obesidade e das doenças cardíacas. OBJETIVO: Avaliar o efeito crônico da suplementação de vitamina C (VitC sobre a pressão arterial e na resposta vasodilatadora ao estresse mental. MÉTODOS: Neste estudo prospectivo, randomizado e duplo cego foram avaliadas crianças obesas, de ambos os gêneros e com idade entre 8 a 12 anos divididas em 2 grupos: 1 grupo de crianças suplementadas com 500 mg de vitamina C (n = 11 e, 2 substância placebo (n = 10 durante 45 dias. Oito crianças eutróficas, pareadas por idade também foram arroladas no estudo. Foi avaliada a pressão arterial média (PAM, frequência cardíaca (ECG e fluxo sanguíneo no antebraço pela plestimografia de oclusão venosa. A condutância vascular no antebraço (CVA foi obtida através da relação entre o fluxo sanguíneo no antebraço e a PAM (X100. RESULTADOS: Antes da intervenção, as crianças obesas apresentaram PAM maior e CVA menor quando comparadas às crianças eutróficas. Pós-intervenção, o Grupo VitC apresentou redução da PAM no repouso (81 ± 2 vs 75 ± 1 mmHg, p = 0,01, enquanto no Grupo Placebo não houve alteração da PAM (p = 0,58. Adicionalmente, VitC promoveu um aumento da CVA no repouso (3,40 ± 0,5 vs 5,09 ± 0,6 un, p = 0,04 e durante o estresse mental (3,92 ± 0,5 vs 6,68 ± 0,9 un, p = 0,03. Além disso, pós suplementação com VitC, os níveis da CVA foram estatisticamente semelhantes aos das crianças eutróficas no repouso (5,09 ± 0,6 vs 5,82 ± 0,4 un, p > 0,05 e durante o estresse mental (6,68 ± 0,9 vs 7,35 ± 0,5 un, p > 0,05. CONCLUSÃO: Suplementação com VitC reduziu a pressão arterial e restabeleceu a resposta vasodilatadora periférica em crianças obesas.FUNDAMENTO: La respuesta vasodilatadora periférica tiene un papel importante en la fisiopatología de la obesidad y de las enfermedades cardíacas. OBJETIVO: Evaluar el efecto cr

  13. The origin of the inferior phrenic artery: a study in 32 South Indian cadavers with a review of the literature Origem da artéria frênica inferior: estudo em 32 cadáveres da Índia do Sul com revisão da literatura

    Thejodhar Pulakunta

    2007-09-01

    preservados em formol e obtidos dos departamentos de anatomia do Kasturba Medical College, Manipal and Mangalore foram dissecados, e a origem da AFI foi investigada. RESULTADOS: A AFI teve sua origem habitual na aorta abdominal em 28 casos; no entanto, nos quatro casos restantes, duas originavam-se do tronco celíaco, uma da artéria gástrica esquerda e uma da artéria renal direita. CONCLUSÃO: A AFI geralmente origina-se da aorta ou artéria celíaca, e menos freqüentemente das artérias renal, hepática ou gástrica esquerda. A AFI é a maior fonte de fornecimento arterial colateral ou parasitado para carcinoma hepatocelular, ficando atrás somente da artéria hepática. A literatura sobre a origem da AFI e as implicações clínicas de variação em sua origem foram revisadas neste artigo.

  14. Depressão em idosos inscritos no Programa de Controle de hipertensão arterial e diabetes mellitus Depresión en ancianos inscritos en el Programa de Control de hipertensión arterial y diabetes mellitus Depression in elderly enrolled in a control program for hypertension and diabetes mellitus

    Arethuza Sass

    2012-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar a presença de sintomas depressivos em idosos inscritos no Programa de controle de hipertensão arterial e diabetes mellitus em um município do Noroeste do Paraná. MÉTODOS: Estudo descritivo transversal, realizado nas unidades básicas de saúde de Sarandi - PR, com 100 idosos cadastrados no Programa Hiperdia. A seção de saúde mental do questionário Brazil Old Age Schedule (BOAS foi usada. Os testes Mann-Whitney e Qui-quadrado foram empregados para analisar a associação entre sintomas de depressão e características sociodemográficas e estado nutricional. RESULTADOS: A maioria dos idosos era do sexo feminino (82,0%. A prevalência de sintomas depressivos foi de 30,0%, dos quais 20,0% classificados como depressão maior. Os sintomas depressivos foram mais frequentes nas mulheres (31,7%; em idosos com 80 anos e mais (33,3%; sem nenhuma escolaridade (39,1%, que moravam só (43,7% e que apresentavam baixo peso (33,3% ou obesidade (32,5%. CONCLUSÃO: As equipes da estratégia saúde da família devem estar atentas para a presença de sintomas depressivos em idosos, sobretudo aqueles que pertencem aos grupos de convivência já instalados.OBJETIVO: Identificar la presencia de síntomas depresivos en ancianos inscritos en el Programa de control de hipertensión arterial y diabetes mellitus en un municipio del Nor oeste de Paraná. MÉTODOS: Estudio descriptivo transversal, realizado en las unidades básicas de salud de Sarandi - PR, con 100 ancianos registrados en el Programa Hiperdia. Fue usada la sección de salud mental del cuestionario Brazil Old Age Schedule (BOAS. Los tests Mann-Whitney y chicuadrado fueron empleados para analizar la asociación entre síntomas de depresión y características sociodemográficas y estado nutricional. RESULTADOS: La mayoría de los ancianos era del sexo femenino (82,0%. La prevalencia de síntomas depresivos fue del 30,0%, de los cuales el 20,0% clasificados como depresión mayor

  15. Predictors of transfusion of packed red blood cells in coronary artery bypass grafting surgery Preditores de transfusão de concentrado de hemácias em cirurgia de revascularização miocárdica

    Michel Pompeu Barros de Oliveira Sá

    2011-12-01

    Full Text Available OBJECTIVES: Finding predictors of blood transfusion may facilitate the most efficient approach for the use of blood bank services in coronary artery bypass grafting procedures. The aim of this retrospective study is to identify preoperative and intraoperative patient characteristics predicting the need for blood transfusion during or after CABG in our local cardiac surgical service. METHODS: 435 patients undergoing isolated first-time CABG were reviewed for their preoperative and intraoperative variables and analyzed postoperative data. Patients were 255 males and 180 females, with mean age 62.01 ± 10.13 years. Regression logistic analysis was used for identifying the strongest perioperative predictors of blood transfusion. RESULTS: Blood transfusion was used in 263 patients (60.5%. The mean number of transfused blood products units per patient was 2.27 ± 3.07 (0-23 units. The total number of transfused units of blood products was 983. Univariate analysis identified age >65 years, weight OBJETIVOS: Encontrar preditores de hemotransfusão pode facilitar a abordagem mais eficiente para utilização de serviços de banco de sangue em CRM. O objetivo deste estudo é identificar as características dos pacientes pré- e intraoperatórios que predizem necessidade de hemotransfusão durante ou após a revascularização miocárdica. MÉTODOS: 435 pacientes submetidos à CRM isolada pela primeira vez, foram revisados para suas variáveis pré e intra-operatórias e analisados os dados pós-operatórios. Foram 255 homens e 180 mulheres, com idade média 62,01 ± 10,13 anos. Análise de regressão logística foi utilizada para identificar os preditores perioperatórios de hemotransfusão. RESULTADOS: A hemotransfusão foi executada em 263 pacientes (60,5%. O número médio de unidades de hemoderivados por paciente foi de 2,27 ± 3,07 (0-23 unidades. O número total de unidades de hemoderivados foi de 983. A análise univariada identificou idade> 65 anos

  16. Double profunda brachii artery

    Gavishiddappa A Hadimani

    2016-01-01

    Full Text Available Brachial artery (BA is a continuation of the axillary artery at the lower border of teres major. In the cubital fossa, BA divides into radial artery and ulnar artery as terminal branches. Large branch given from the BA in the upper part is profunda brachii artery. In the present case, we noticed double profunda brachii that arises from the BA. They are profunda brachii artery 1 and profunda brachii artery 2. Profunda brachii artery 1 arises in the proximal part of the BA and profunda brachii artery 2 arises distal to the profunda brachii artery 1. Both the arteries run inferolaterally in the spiral groove along with radial nerve. Variations of profunda brachii artery are important during harvesting of the lateral arm flaps and may lead to inadvertent injury during percutaneous arterial catheterization or injection of drugs.

  17. Achados oculares em pacientes com mais de 99 anos Ocular findings in patients older than 99 years

    Marcela Colussi Cypel

    2006-10-01

    desenvolvimento de política específica de saúde ocular. Esse estudo demonstrou idosos com maioria do sexo feminino (83,3%, boa saúde geral (35%, hipertensos (40%, com dificuldade para leitura (55% e com baixa visual em decorrência de degeneração macular relacionada à idade.PURPOSE: To determine vision conditions and ocular findings in patients older than 99 years. METHODS: Patients were recruited by media advertisement and examined at the Vision Institute of UNIFESP. The following examinations were performed: visual acuity, ectoscopy, refraction, biomicroscopy, tear film break-up time, Schirmer basal test, tonometry, direct and indirect ophthalmoscopy. Complementary examinations such as optical coherence tomography were performed when indicated. RESULTS: Thirty patients older than 99 years were identified. Mean age of 101.5±1.8, 25 females and 5 males. Most common systemic disease, according to history, was arterial hypertension. In 11 patients (55%, the best corrected far visual acuity was 20/100 or better. The best corrected near visual acuity was J4 or better also in 55% (11 patients and 63.0% (7 patients of these were the ones that had not been submitted to cataract surgery. The most frequent visual complaint was low vision for reading (55% and other 8 patients (40% reported no disturbance (satisfied with their vision. Lens opacity was present in 9 patients (60% and 8 patients (40% had previous cataract surgery (5 aphakic eyes, 9 pseudophakic eyes. Cataract was identified as important for impairment of vision in 5 patients but only 2 of them wanted to be submitted to surgery. The main cause of visual impairment was age-related macular degeneration, present in all patients, 95% with no exudative form. Vision improved with new refractive prescription in 4 patients. CONCLUSION: Once we understand the needs we can plan specific diagnostic and treatment strategies. This sample showed that most were female (83.3%, with good general health (35%, most with systemic arterial

  18. Eficacia de una dieta mediterránea en la prevención primaria de insuficiencia cardiaca y fibrilación auricular en hipertensos de alto riesgo cardiovascular

    Lozano Rodríguez, Jesús Manuel

    2016-01-01

    Falta palabras clave Objetivos: Principal. Estudiar el efecto de una dieta mediterránea (DTM), en comparación con una dieta baja en grasas (DBG), sobre la incidencia de insuficiencia cardiaca (IC), fibrilación auricular (FA), ictus y cardiopatía isquémica (CI) en pacientes hipertensos de alto riesgo cardiovascular, que reciben tratamiento farmacológico antihipertensivo y que aún no han presentado ninguna manifestación clínica de enfermedad del aparato circulatorio y no tienen FA. Secundari...

  19. Acute arterial occlusion - kidney

    ... main artery to the kidney is called the renal artery. Reduced blood flow through the renal artery can hurt kidney function. ... need include: Duplex Doppler ultrasound exam of the renal arteries to test blood flow MRI of the kidney arteries, which can show ...

  20. Presença de fatores de risco de doenças cardiovasculares e de lesões em praticantes de corrida de rua Presence of cardiovascular risck factors and injuries in road runners

    Jaqueline de Castro Ishida

    2013-03-01

    Full Text Available Este estudo descreveu as características antropométricas e presença de fatores de riscos cardiovasculares (Parte1 bem como a ocorrência de lesões (Parte 2 em corredores de rua. Índice de massa corporal, pressão arterial (PA, circunferência abdominal (CA e presença de lesões foram avaliadas em 94 corredores. Destes, 38,5% eram hipertensos auto-referidos, mas 41,9% estavam com a PA alterada no dia. Dentre os auto-referidos sem problemas de saúde, foram encontradas alterações na PA (42%, na CA (9,8% e 6% apresentaram risco cardiovascular moderado. Verificou-se que 34% já sofreram lesão, sendo que 67,7% foram derivadas de treinos ou competições. Idade, distância da prova e realização de outras atividades foram associados com a ocorrência de lesão. Os resultados do presente estudo nos permitem concluir que os praticantes de pedestrianismo apresentam uma condição física propícia ao comprometimento cardiovascular durante uma prova e ao surgimento de lesões, sugerindo campanhas de conscientização sobre a condição de saúde neste público.This study investigated the anthropometric characteristics and the presence of cardiovascular risk factors (Part 1 as well as occurrence of injuries (Part 2 in road runners. Body mass index, blood pressure (BP, abdominal circumference (AC and incidence of injuries were evaluated in 94 road runners. Among the participants, 38,5% self-reported as hypertensive, but 41,7% from total had altered BP. Among healthy runners, it was found alterations on BP (42%, AC (9.8% and 6% presented moderated cardiovascular risk. It was observed that 34% already suffered some injuries and 67.7% derived from training and competition. Age, distance of the running and practice of other activities were associated with presence of injury. The results of the present study allow us to conclude that road runners have a physical condition that facilitates the cardiovascular event during the competition and that