WorldWideScience

Sample records for entre adolescentes em

  1. Associação entre peso de nascimento e fatores de risco cardiovascular em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Amenaide Carvalho Alves de Sousa

    2013-07-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Peso ao nascer (PN é um determinante de risco a médio e longo prazo de fatores de risco cardiovascular. OBJETIVO: Estudar a associação entre peso ao nascer e fatores de risco cardiovascular em adolescentes de Salvador. MÉTODOS: Estudo de corte transversal com grupos de comparação por PN. Amostra composta de 250 adolescentes, classificados segundo IMC: normal alto (>p50 e p85 ep95. As variáveis de risco para comparação foram: circunferência abdominal, pressão arterial, perfil lipídico, glicemia, insulina sérica, HOMA-RI e síndrome metabólica. Peso de nascimento foi informado pelos pais e classificado como baixo peso (PN 4.000g. RESULTADOS: Cento e cinquenta e três (61,2% meninas, idade 13,74 ± 2,03 anos, PN normal 80,8%, baixo PN 8,0% e alto PN 11,2%. Observou-se maior frequência de obesidade (42,9%, p=0,005, PAS e PAD elevadas (42,9%, p=0,000 e 35,7%, p=0,007, respectivamente e síndrome metabólica (46,4%,p =0,002 no grupo com PN alto em relação ao PN normal. Indivíduos de alto PN apresentaram RP para PAS elevada 3,3(I.C. 95%, 1,7-6,4 e para obesidade 2,6 (I.C. 95%, 1,3-5,2 em relação aos com PN normal. A CA foi 83,3 ± 10,1 [p=0,038] nos adolescentes com alto PN. O perfil lipídico não mostrou diferenças estatisticamente significantes. CONCLUSÃO: Os dados sugerem que obesidade, PAS e PAD elevadas e síndrome metabólica na adolescência têm chance significativa de associar-se a alto peso no nascimento.

  2. Associações entre impulsividade, compulsão alimentar e obesidade em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cibele Pereira

    2011-01-01

    Full Text Available La impulsividad puede ser un componente importante en el contexto de atracones y la obesidad. Objetivo, Presentación de un protocolo con el uso de prueba Palográfico para medir la impulsividad. Métodos, 60 adolescentes (10 - 20 años, Md, 13,97 años, SD 2.17 de ambos sexos se evaluaron el IMC, los atracones y la impulsividad. Resultados: Los atracones eran frecuentes en las niñas y la impulsividad en los niños. 38% de la muestra estaban por encima del peso saludable y de estos, el 13% de forma simultánea con la obesidad la obesidad / mórbida, los atracones y las puntuaciones más altas de la impulsividad. La asociación entre el IMC y la impulsividad anotó valores próximos al nivel de significación en el estudio (chi cuadrado = 14,85, gl = 8, p =. 062. Conclusión, La prueba Palográfico mostró buena sensibilidad y especificidad justifica la aplicación de este protocolo en los diseños de estudio con muestras más grandes y centrados in las diferencias sexuales.

  3. A colaboração entre pares em uma turma de adolescentes aprendendo inglês na escola pública

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edcléia Aparecida BASSO

    2011-07-01

    Full Text Available Neste artigo apresentamos alguns resultados alcançados por meio de uma pesquisa-ação realizada com alunos-adolescentes de escola pública. A análise dos dados foi norteada pela teoria sociocultural, quando, então, objetivamos entender o desenvolvimento daqueles alunos pela linguagem, focalizando as interações estabelecidas entre colegas e entre professor e alunos-adolescentes. Discutimos, especificamente, o construto teórico scaffolding, no viés da colaboração entre pares em atividades orais trabalhadas em sala de aula. Escolhemos como fonte primária para o presente estudo dados coletados por meio de gravações/filmagens de aulas, selecionando e transcrevendo alguns excertos para ilustrar a análise feita. Utilizamos também o diário de campo do aluno-professor-pesquisador. Esses dados revelaram características peculiares e coerentes com a adolescência, fase pela qual os alunos passavam, tais como o desinteresse e apatia nas aulas, e apontaram também ocorrências de situações propícias à colaboração efetiva entre pares (colegas, que poderiam ter propiciado o desenvolvimento de ambos, mas que resultaram, na maioria delas, em aparente fracasso. Entretanto, ficou também evidenciado que, quando a atividade desperta a curiosidade, a motivação do aluno-adolescente, ele se sente recrutado a participar da tarefa. Encerramos o estudo, certos da necessidade de mais pesquisas e estudos na área da Línguística Aplicada que focalizem o aluno-adolescente e seu desenvolvimento pela aprendizagem de uma nova língua no contexto público.

  4. Associações entre impulsividade, compulsão alimentar e obesidade em adolescentes

    OpenAIRE

    Cibele Pereira; Ethel Zimberg Chehter

    2011-01-01

    La impulsividad puede ser un componente importante en el contexto de atracones y la obesidad. Objetivo, Presentación de un protocolo con el uso de prueba Palográfico para medir la impulsividad. Métodos, 60 adolescentes (10 - 20 años, Md, 13,97 años, SD 2.17) de ambos sexos se evaluaron el IMC, los atracones y la impulsividad. Resultados: Los atracones eran frecuentes en las niñas y la impulsividad en los niños. 38% de la muestra estaban por encima del peso saludable y de estos, el 13% de form...

  5. A rela??o entre os estilos de socializa??o materna e as concep??es de perd?o em adolescentes.

    OpenAIRE

    Santos, Lydia Maria Sena e

    2014-01-01

    O presente estudo buscou analisar a rela??o entre a percep??o dos adolescentes sobre os estilos de socializa??o materna e concep??es sobre perd?o. Os estilos de socializa??o parental s?o definidos como padr?es de atua??o caracter?sticos, que os pais utilizam em diversas situa??es do cotidiano. Esses padr?es caracterizam-se por um conjunto de t?cnicas e formas de atua??o dos pais, que abrangem desde atitudes de aceita??o at? atitudes de controle dos comportamentos indesejados, al?m da imposi??...

  6. Intervenção educacional com base em modelo para aumentar a atividade física entre adolescentes iranianos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hormoz Sanaeinasab

    2012-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar um programa educacional com base no modelo de promoção da saúde (MPS e nos estágios de mudança para melhorar a atividade física (AF entre adolescentes iranianos. MÉTODOS: Este foi um ensaio randomizado controlado com 165 participantes divididos em dois grupos (intervenção/controle. Os dados foram coletados através de questionários de autopreenchimento com base em componentes do MPS (benefícios e barreiras para a ação, autoeficácia, sentimentos em relação ao comportamento, influências interpessoais e situacionais. A escala de estágios de mudança foi utilizada para selecionar participantes aptos (classificados nos estágios de pré-contemplação, contemplação ou preparação e para avaliar a tendência. Após a coleta dos dados de base, a intervenção foi realizada nos participantes e os dados de acompanhamento foram coletados 3 meses depois. RESULTADOS: Ao todo, 88 meninos e 77 meninas com idade média de 13,99±0,4 participaram do estudo. As diferenças em todos os componentes do MPS, exceto os sentimentos em relação ao comportamento e as influências sociais, foram significantes (p < 0,01 entre os valores de base e de acompanhamento. Comparados aos do grupo de controle, os adolescentes do grupo de intervenção foram categorizados nos estágios de ação (70% ou preparação (30% no acompanhamento. A análise de regressão múltipla revelou que preferências concorrentes, normas sociais, modelos sociais (variáveis com p < 0,001 e o compromisso com o plano de ação podem prever consideravelmente o comportamento quanto à AF. O modelo representou 22,5% da variação da AF. CONCLUSÕES: Intervenções educacionais com base nos estágios de mudança podem ter implicações importantes na melhora da AF entre adolescentes em mais componentes do MPS.

  7. Fatores associados ao hábito de assistir TV em excesso entre adolescentes Factors associated with excessive television watching among adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paula Dal Bó Campagnolo

    2008-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a freqüência com que os adolescentes assistem televis��o na região Sul do Brasil e quais fatores estão associados a esse comportamento. MÉTODOS: Estudo transversal, com 722 adolescentes entre 10 e 19 anos. Foi calculado a média de horas diárias que os adolescentes assistiam televisão. Foi realizada análise de regressão logística para analisar possível associação entre fatores sociodemográfico, antropométricos, atividade física, sexo e idade, com o hábito de assistir mais do que 4 horas diárias de televisão. RESULTADOS: Entre os adolescentes estudados, 41,1% assistiam mais do 4 horas de TV por dia. A prevalência de adolescentes que assistiam > 4h de TV foi maior entre aqueles com menos de 16 anos. Ser filho de mãe com escolaridade maior do que 8 anos (OR 1,9; IC 1,25-2,89 e possuir circunferência da cintura maior do que o percentil 80 (OR 2,77; IC 1,33-5,77 foi positivamente associado ao hábito de assistir televisão mais do que 4 horas diárias. CONCLUSÕES: Maior escolaridade materna e circunferência da cintura maior do que o percentil 80 estão associados ao comportamento de assistir TV em excesso entre os adolescentes. Esses achados devem ser utilizados para direcionar a elaboração de programas de saúde pública, especialmente por meio das escolas, enfocando adolescentes com faixa etária entre 10 e 15 anos, assim como devem servir de alerta para os profissionais de saúde e educadores.OBJECTIVE: to evaluate the frequency adolescents watch TV in southern Brazil and which factors are associated with this behavior. METHODS: This was a cross-sectional study. The sample consisted of 722 adolescents between 10 and 19 years of age. Logistic regression analysis was used to verify association between socio-demographic and anthropometric factors, physical activity, age and sex with the adolescents who watched TV for more than four daily hours. RESULTS: Forty-one percent of the adolescents watched more

  8. Risco nutricional entre gestantes adolescentes Riesgo nutricional entre gestantes adolescentes Nutritional risks among pregnant teenagers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Glayriann Oliveira Belarmino

    2009-01-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Identificar o acometimento de risco nutricional em gestantes adolescentes; averiguar hábitos alimentares; e verificar percepções destes quanto à importância de nutrição adequada na gravidez. MÉTODOS: Estudo de campo realizado no Centro de Desenvolvimento Familiar, em Fortaleza-CE, com 40 gestantes adolescentes. A avaliação nutricional foi efetuada com o auxílio do "Gráfico de acompanhamento nutricional da gestante" e os hábitos alimentares foram conferidos pela "Técnica de alimentação diária habitual". RESULTADOS: Vinte (50% adolescentes apresentaram peso adequado, 11(27,5% baixo peso e 9 (22,5% sobrepeso. Prevaleceram massas, carnes, gorduras, doces e baixo consumo de frutas e verduras; 33 (82,5% tinham a percepção de que a alimentação deve ser "diferente" na gravidez e 28 (70% afirmaram ter feito mudanças nos hábitos alimentares no pré-natal. CONCLUSÃO: O acometimento de risco nutricional entre adolescentes gestantes se revelou em situações de sobrepeso, baixo peso, dietas pouco diversificadas e desinformação.OBJETIVOS: Identificar el riesgo nutricional en gestantes adolescentes; averiguar hábitos alimenticios; y verificar percepciones de éstos en cuanto a la importancia de una nutrición adecuada en el embarazo. MÉTODO: Se trata de un estudio de campo realizado en el Centro de Desarrollo Familiar, en Fortaleza-CE, con 40 gestantes adolescentes. La evaluación nutricional se llevó a cabo con el auxilio del "Gráfico de acompañamiento nutricional de la gestante" y los hábitos alimenticios fueron conferidos por la "Técnica de alimentación diaria habitual". RESULTADOS: Veinte (50% adolescentes presentaron peso adecuado, 11(27,5% bajo peso y 9 (22,5% sobre peso. Prevalecieron pastas, carnes, grasas, dulces y bajo consumo de frutas y verduras; 33 (82,5% tenían la percepción de que la alimentación debe ser "diferente" durante el embarazo y 28 (70% afirmaron haber realizado cambios en los h

  9. Bullying and associated factors in adolescents aged 11 to 15 years Bullying e fatores associados em adolescentes com idade entre 11 e 15 anos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Azevedo da Silva

    2012-01-01

    Full Text Available INTRODUCTION: Bullying among adolescents has become the subject of extensive research due to its negative effects on attitude and behavior. However, Brazilian literature on the topic is scarce. OBJECTIVE: To assess bullying and associated factors among adolescents in a population-based sample in southern Brazil. METHOD: Population-based, cross-sectional study with adolescents aged 11 to 15 years living in the municipality of Pelotas, state of Rio Grande do Sul, Brazil. RESULTS: A total of 1,145 adolescents were included. Bullying behaviors and attitudes were found to be associated with the following factors: intentionally skipping classes, failing at school, using alcohol, smoking cigarettes, using illegal drugs, having engaged in sexual intercourse, carrying a weapon, being involved in an accident/being run over by any vehicle, and being involved in fights with physical aggression. CONCLUSION: Bullying is associated with several behaviors that pose risk to the adolescents' physical and psychological health.INTRODUÇÃO: O bullying entre adolescentes tem sido objeto de várias pesquisas devido aos prejuízos comportamentais que acarreta. Contudo, a literatura brasileira sobre o tema é escassa. OBJETIVO: Avaliar comportamentos de bullying e fatores associados em uma amostra de base populacional de adolescentes vivendo no sul do Brasil. MÉTODO: Estudo transversal, de base populacional, com adolescentes de 11 a 15 anos de idade residentes na cidade de Pelotas, RS, Brasil. RESULTADOS: Um total de 1.145 adolescentes foram selecionados. Os comportamentos e atitudes de bullying mostraram-se associados aos seguintes fatores: faltar aula intencionalmente, reprovar algum ano na escola, usar álcool, cigarro e/ou drogas ilícitas, ter tido relações sexuais, portar arma, sofrer algum acidente ou atropelamento e brigar e/ou agredir alguém. CONCLUSÃO: O bullying esteve associado com vários comportamentos considerados de risco para a saúde física e

  10. Relação entre fatores de personalidade e estratégias de coping em adolescentes Relationship between personality factors and coping strategies in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Simon Santana Diniz

    2010-04-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo é investigar a relação entre fatores de personalidade e estratégias de coping em adolescentes. Participaram desta pesquisa 102 jovens de uma escola municipal de Goiânia com idade entre 11 e 15 anos, utilizando o Coping Response Inventory e a Bateria Fatorial de Personalidade. Os dados obtidos demonstraram que meninas utilizam mais a análise lógica para resolver seus problemas e os meninos apresentam maior pontuação em neuroticismo; que os adolescentes mais jovens utilizam mais coping de evitação e os mais velhos, o coping de aproximação; e que tanto a apreciação do problema como os traços de personalidade relacionam-se significativamente com o uso de estratégias de coping. Os resultados são discutidos de acordo com as teorias de coping.The aim of this study is to investigate the relationship between personality factors and coping strategies in adolescents. 102 students from a municipal school in Goiânia aged between 11 and 15 years old was assessed using Coping Response Inventory and the "Bateria Fatorial de Personalidade". Data showed that girls use more logical analysis to solve their problems and that boys had higher scores on neuroticism; that younger adolescents use more avoidance coping responses and older ones use more approach coping responses; and that both coping appraisal and personality traits are significantly related to the use of coping strategies. The results are discussed according to coping theories.

  11. Morbidade psiquiátrica entre adolescentes em conflito com a lei Psychiatric morbidity among adolescents in conflict with the law

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Solange Rubim de Pinho

    2006-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever o perfil psiquiátrico, destacando os transtornos em co-morbidade entre os adolescentes em conflito com a lei da Casa de Acolhimento ao Menor (CAM, Salvador-BA, em 2003. MÉTODOS: Estudo de corte transversal, de caráter censitário, em população de 290 jovens cumprindo medidas de privação de liberdade. Utilizaram-se questionário para identificar dados demográficos, sinais e sintomas psicopatológicos e entrevista semi-estruturada para o exame dos adolescentes. RESULTADOS: Perfil sociodemográfico: 89,3% sexo masculino; 63,9% entre 15 e 18 anos incompletos; 95,1% com ensino fundamental incompleto ou analfabeto; 67,6% com renda familiar menor que um salário mínimo e 54% naturais da capital do estado da Bahia. Dos 290 indivíduos, 24,8% não apresentaram transtornos mentais e 75,2% preencheram critérios para um ou mais transtornos psiquiátricos de acordo com a décima revisão da Classificação Internacional de Doenças (CID-10. Entre os 218 jovens portadores de patologia, 47,7% apresentaram transtornos em co-morbidade.Aassociação de patologia mais prevalente foi entre transtornos de conduta e transtornos por uso nocivo de substância psicoativa (13,4%. Transtornos hipercinéticos só foram freqüentes quando associados a outras condições (10,7%. O uso nocivo de substância psicoativa foi identificado em combinação com os diversos quadros psiquiátricos. CONCLUSÃO: Observou-se alta taxa de co-morbidade psiquiátrica, sugerindo a necessidade de estratégias terapêuticas específicas entre jovens portadores de transtornos mentais envolvidos com a justiça.OBJECTIVE: To describe the psychiatric profile, with emphasis on psychiatric comorbidities, of adolescents in conflict with the law interned on Casa de Acolhimento ao Menor (CAM, Salvador, Bahia, 2003. METHODS: This is a cross-sectional census study that enrolled a population of 290 adolescents kept on a deprivation of liberty regimen. Aquestionnaire was used

  12. Comportamentos de risco para a saúde entre adolescentes em conflito com a lei Health risk behavior among young offenders

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudia Alves de Sena

    2008-10-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi investigar as condutas de saúde entre adolescentes em conflito com a lei, internos em instituição de atendimento sócio-educativo em município da região metropolitana do Recife, Pernambuco, Brasil. A amostra foi composta por 241 jovens do sexo masculino, de 12 a 18 anos de idade. Para a coleta de dados, utilizou-se uma versão reduzida do questionário de autopreenchimento utilizado pelo Centers for Disease Control and Prevention dos Estados Unidos, traduzido e adaptado para jovens brasileiros. Entre os jovens pesquisados, 79,7% afirmaram ter portado arma, assim como 52,7% estiveram envolvidos em briga com agressão física nos últimos 12 meses. Verificou-se que a maioria dos jovens pesquisados era usuário de tabaco (87,6% e álcool (64,7%. Grande parte dos jovens afirmou já ter experimentado algum produto inalante na vida (68,9% e ter feito uso de maconha (81,3%. A maioria dos jovens (95,4% já tinha tido relação sexual, em geral com mais de um parceiro. Os jovens em situação de conflito com a lei apresentaram vários comportamentos de risco à saúde em percentuais elevados.The objective of this study was to investigate health risk behavior among teenage offenders committed to a social-educational institution in a city in Greater Metropolitan Recife, Pernambuco State, Brazil. The sample included 241 males 12-18 years of age. Data were collected with a brief self-completed questionnaire used by the Centers for Disease Control and Prevention, translated and adapted for young Brazilians. 79.7% of subjects reported having carried a gun and 52.7% had been in fights involving physical aggression in the previous 12 months. Most of the young offenders smoked cigarettes (87.6% and consumed alcohol (64.7%. The majority reported having sniffed inhalants (68.9%, and 81.3% had smoked marijuana. The vast majority (95.4% reported being sexually initiated, most having had sex with more than one partner. Young offenders

  13. Relações entre violência escolar, gênero e estresse em pré-adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marília Mendes Moreira de Sousa

    2016-05-01

    Full Text Available School violence is a national problem characterized by behaviors that intend to cause harm and involve aggressive acts between students or employees and students. The goal of this study was to investigate whether there is any relation between those stressful behaviors and the types of involvement in school violence, as well as the relation between stress, school violence, and gender. Participants were 109 students, aged 9 to 14 years, of a public school located in a low human development index area in the city of Fortaleza, Brazil. These participants expressed consent and their parents authorized their participation by signing an Informed Consent Form. The students responded to the School Violence Scale and the Infant Stress Scale. Psychological, physical and material violence was observed through the analysis of the following categories: victimization of students by students, victimization of students by employees, and authorship of violence. Nevertheless, most of the students surveyed were not under considerable state of stress. The results showed significant positive correlations between stress and victimization of students by students; stress and suffering from psychological violence by employees; and stress and being perpetrator of psychological, physical, or virtual violence, as well between stress and risky behaviors. It was also found that, compared with boys, girls are more often victimized with respect to psychological violence by students, practice psychological and virtual violence more often, and suffer more stress A violência escolar é um problema nacional e se caracteriza por comportamentos que visam causar danos e que envolvem atos agressivos entre alunos, de alunos a funcionários e de funcionários a alunos. O objetivo deste estudo compreende investigar se há relação entre comportamentos de estresse e tipos de envolvimento em violência escolar, bem como a relação entre estresse, violência escolar e g

  14. Substituição de refeições por lanches em adolescentes Sustitución de comidas por meriendas entre adolescentes Replacement of meals with snacks among adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Amanda Solimani Teixeira

    2012-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a prevalência da substituição do almoço e do jantar por lanches em adolescentes e a associação com estado nutricional e sexo, assim como avaliar os alimentos que substituem as refeições. MÉTODOS: Estudo transversal com 106 adolescentes do ensino médio de uma escola técnica localizada no município de São Paulo, que responderam a um questionário sobre atitudes alimentares a partir do qual foi avaliada a frequência de substituição do almoço e do jantar por lanche e os alimentos substitutos. Foram aferidos o peso e a altura para o cálculo do índice de massa corpórea por idade, e a classificação do estado nutricional de acordo com o critério da Organização Mundial da Saúde. Foi realizada análise descritiva com nível de significância de 5%. RESULTADOS: Um terço dos adolescentes substituiu o almoço e metade deles substituiu o jantar por lanches. Verificou-se que mais meninas costumavam substituir refeições. Observou-se maior prevalência de substituição do almoço (40% e do jantar (70% por lanche entre adolescentes obesos. Sanduíches, salgados, pizzas e hambúrgueres foram os principais substitutos das refeições. CONCLUSÕES: Verificou-se prevalência elevada de substituição de refeições principais, principalmente do jantar, por lanches. Os substitutos do almoço e do jantar apresentavam, em sua maioria, alta densidade energética e baixo valor nutritivo.OBJETIVOS: Verificar la prevalencia de la sustitución del almuerzo y de la cena por meriendas entre adolescentes y la asociación con estado nutricional y sexo y evaluar los alimentos que sustituyen las comidas. MÉTODOS: Estudio transversal, con 106 adolescentes de la secundaria de una escuela técnica, ubicada en el municipio de São Paulo, que contestaron a un cuestionario sobre actitudes alimentarias, a partir del que se evaluó la frecuencia de sustitución del almuerzo y de la cena por meriendas y los alimentos sustituidos. Fueron

  15. Preditores do Comportamento Antissocial em Adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Lüdke Nardi

    Full Text Available RESUMO Este estudo investigou preditores do comportamento antissocial em 142 adolescentes em medida socioeducativa de internação (G1 e 691 estudantes de escolas públicas (G2, que responderam a um questionário. Foram observadas diferenças significativas entre os grupos quanto ao comportamento antissocial, violência intra e extrafamiliar, uso de drogas e eventos estressores, com médias mais altas em G1. Dentre as variáveis investigadas, grupo, uso de drogas e eventos estressores, juntamente com a covariável sexo, explicaram 66,5% da variável dependente. Um modelo de path analysis demonstrou que as variáveis sexo e ambiente estressor, computado pelos eventos estressores, qualidade do relacionamento familiar e violência intra e extrafamiliar predizem o uso de drogas e comportamentos antissociais.

  16. Cyberbullying em adolescentes brasileiros

    OpenAIRE

    Wendt, Guilherme Welter

    2012-01-01

    O cyberbullying é entendido como uma forma de comportamento agressivo que ocorre através dos meios eletrônicos de interação (computadores, celulares, sites de relacionamento virtual), sendo realizado de maneira intencional por uma pessoa ou grupo contra alguém em situação desigual de poder e, ainda, com dificuldade em se defender. Os estudos disponíveis até o presente momento destacam que o cyberbullying é um fator de risco para o desenvolvimento de sintomas de ansiedade, depressão, ideação s...

  17. Acidentes de trabalho ocorridos entre adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Alcântara Pimenta

    2013-01-01

    Full Text Available Este estudio tuvo como objetivo identificar los accidentes de trabajo producidos entre los adolescentes en una fundación de educación para el trabajo. Estudio descriptivo, cuantitativo que investigó 117 adolescentes trabajadores a través de un cuestionario multidimensional. De los encuestados, el 72,6% eran mujeres, el 80,3% tenían 15 años, el 60% eran pardos y el 62,4% no trabajaba anteriormente. Las actividades más populares realizadas fueron las siguientes: Recepcionista (46,2% y auxiliar administrativo (37,6%. Sufrieron accidentes en el trabajo o antes de llegar a este el 11% de los encuestados, de los cuales 76,9% eran típicos y se produjeron en la tarde (61,5%. Las piernas y los pies fueron los miembros mas heridos (46,2%, seguido por abrasiones y lesiones graves (30,8%. El trabajo de niños y adolescentes pueden presentar agravios, que se clasifican como accidentes. El enfrentamiento de este problema no puede ser pensado sólo en términos de vigilancia de los lugares de trabajo y de las políticas dirigidas a la salud del trabajador; hay una necesidad de una mayor transformación en la estructura de la sociedad, de modo que el trabajo perjudique la salud.

  18. Diferencias en comportamientos prosociales entre adolescentes colombianos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jesús Redondo Pacheco

    2015-07-01

    Full Text Available Actualmente, se evidencia la influencia de variables socio-ambientales, como la cultura, el sexo, la edad o la nacionalidad, en la adquisición, desarrollo y mantenimiento de las conductas prosociales. El objetivo de este estudio fue analizar las diferencias en conductas prosociales entre estudiantes de educación secundaria de las ciudades de Pasto y Bucaramanga (Colombia, a quienes se administró la escala de Conducta Prosocial del TeenageInventory of Social Skills (TISS.Participaron 2.694 estudiantes con edades comprendidas entre 11 y 17 años (1878 de Pasto y 816 de Bucaramanga. De acuerdo con los resultados,los adolescentes de la ciudad de Pasto presentaron niveles significativamente más altos de conducta prosocial que los adolescentes de Bucaramanga. Este patrón de resultados fue similar por género y edad. Abstract This paper focuses on the analysis of pro-social behavior in high school students from Pasto and Bucaramanga (Colombia. 2,694 students between 11 and 17 years old (1878 from Pasto y 816 from Bucaramanga were sampled and a Pro-social Behavior Scale of Teenage Inventory of Social Skills (TISS was administered. As a result, this research shows teenagers from Pasto showed higher levels of pro-social behavior than those from Bucaramanga. Socio-environmental variables, such as culture, sex, age or nationality influence students´ pro-social behavior development and maintenance.

  19. Entendendo as fronteiras e a comorbidade entre o transtorno de humor bipolar e o transtorno de déficit de atenção e hiperatividade em crianças e adolescentes

    OpenAIRE

    Cristian Patrick Zeni

    2011-01-01

    Introdução: Em crianças e adolescentes, o Transtorno de Humor Bipolar (THB) é associado a danos devastadores no desenvolvimento. O Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade (TDAH), caracterizado por sintomas de desatenção, hiperatividade e impulsividade também causa prejuízo funcional significativo. O diagnóstico diferencial entre os dois transtornos é puramente clínico e, até o momento, há poucos estudos avaliando diferenças neurobiológicas. Diversas pesquisas sugerem a participação do...

  20. Relações entre exposição à violência e bem-estar subjetivo em adolescentes

    OpenAIRE

    Doralúcia Gil da Silva

    2015-01-01

    Este trabalho investigou as relações entre bem-estar, considerando satisfação de vida e afetos positivos e negativos, e a exposição de adolescentes à violência intra e extrafamiliar. Participaram do estudo 426 jovens de escolas públicas de Porto Alegre, de ambos os sexos, com idades de 12 a 18 anos, que responderam a uma ficha de dados sociodemográficos, um instrumento sobre exposição à violência intra e extrafamiliar, a Escala Multidimensional de Satisfação de Vida, e a Escala de Afetos Posi...

  1. Tabaco, álcool e outras drogas entre adolescentes em Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil: uma perspectiva de gênero Tobacco, alcohol, and drug use by teenagers in Pelotas, Rio Grande do Sul State, Brazil: a gender approach

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rogério Lessa Horta

    2007-04-01

    Full Text Available Este estudo teve o objetivo de examinar a relação entre gênero e utilização de substâncias psicoativas entre adolescentes (consumo de bebidas alcoólicas, fumo e uso de drogas ilícitas. Em 2002 foi realizado um estudo transversal na área urbana de Pelotas, extremo-sul do Brasil. Foi empregada amostragem em múltiplos estágios para se obter uma amostra de adolescentes entre 15 e 18 anos de idade. As entrevistas foram realizadas com questionário auto-aplicado. Tabagismo foi mais prevalente entre as meninas, enquanto o consumo de bebida alcoólica no mês anterior às entrevistas foi maior entre os meninos. Por outro lado, a proporção de adolescentes que relataram uso de drogas ilícitas no mês que antecedeu as entrevistas não esteve relacionada ao gênero. O maior consumo de tabaco entre meninas que entre meninos pode indicar risco de expansão do consumo desta substância por mulheres de outras faixas etárias em gerações futuras, o que justifica preocupação e esforços específicos.This study assesses the relationship between gender and use of psychoactive substances (alcohol, nicotine, and illicit drugs by teenagers. In 2002, a cross-sectional study was carried out in the urban area of Pelotas, southern Brazil. Multi-stage sampling was used to obtain a sample of adolescents, 15 to 18 years of age. Subjects were interviewed using a self-applied confidential questionnaire. Smoking was more prevalent among girls, while alcohol consumption in the previous month was more common among boys. Meanwhile, the proportion of adolescents that reported drug use in the previous month was unrelated to gender. Higher cigarette consumption by girls suggests an increase in smoking by women in the future, which highlights the need for a special focus on this area.

  2. USO DE TABACO ENTRE ADOLESCENTES: REVISÃO DE LITERATURA

    OpenAIRE

    Amanda Márcia dos Santos Reinaldo; Camila Cesar Goecking; Jennifer Perucci de Almeida; Yasmin Narciso Goulart

    2010-01-01

    Revisión sistemática de la literatura sobre el uso de tabaco entre adolescentes. La utilización del tabaco entre adolescentes, en general, puede estar asociada al éxito, a la necesidad de aceptación, a cuestiones familiares, entre otros factores que incentivan de cierta forma a su uso. Las políticas de salud para el área trabajan para prevenir y reducir el consumo, alertando en relación al riesgo al que tal población se expone cuando utiliza tabaco. Conocer el perfil de los adolescentes que u...

  3. Relação entre percepção e comportamento de risco e níveis de habilidades cognitivas em um grupo de adolescentes em situação de vulnerabilidade social

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Janaina Aparecida Paulino

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi avaliar as correlações entre inteligência verbal e não verbal, percepção e intenção de apresentar comportamentos de risco. Quarenta e oito adolescentes, sendo 22 homens e 26 mulheres, com média de idade de 16 anos, responderam três instrumentos: Escala de Percepção e Intenção de Apresentar Comportamento Arriscado, bateria de provas de raciocínio e Teste de Matrizes Progressivas de Raven. Os resultados indicaram classificação média quanto à inteligência. Houve diferença significativa entre os gêneros para o raciocínio mecânico, com homens apresentando desempenho melhor que mulheres. Observaram-se correlações positivas entre percepção de risco legal ético e percepção de risco à saúde, raciocínio verbal e percepção de risco legal-ético e com percepção de risco à saúde, raciocínio mecânico e intenção de apresentar comportamento de risco legal-ético e com intenção de apresentar comportamento de risco financeiro. Constataram-se relações entre inteligência e percepção de risco, sendo que as habilidades intelectuais superiores parecem ajudar o indivíduo a perceber melhor as situações de risco, mas não garantem evitação de comportamentos que gerem punições e sanções derivadas do contato com o risco. Estudos como este ajudam a avaliar elementos ligados ao risco que devem ser abordados em programas sociais de cunho preventivo que visem adolescentes, como o projeto no qual esta amostra está inserida.

  4. ASSOCIAÇÃO ENTRE A FRAÇÃO EXALADA DE ÓXIDO NÍTRICO E DADOS DA ESPIROMETRIA E O CONTROLE CLÍNICO DA ASMA EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luanda Dias da Silva Salviano

    2018-01-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo: Avaliar a associação entre os valores da fração exalada de óxido nítrico (FeNO e do volume expiratório forçado no primeiro segundo (VEF1 e o grau de controle da asma, segundo proposta do Global Initiative for Asthma (GINA, em crianças e adolescentes asmáticos atendidos no Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira da Fundação Oswaldo Cruz(IFF/FIOCRUZ. Métodos: Estudo transversal, com revisão de prontuários de 90 asmáticos entre 7 e17 anos de idade, acompanhados no Ambulatório de Asma do IFF/FIOCRUZ e encaminhados ao setor de Prova de Função Respiratória (PFR entre março de 2013 e setembro de 2014. Após classificação segundo o GINA, os pacientes realizaram espirometria completa e medida da FeNO. Posteriormente, foram separados em dois grupos: em uso regular e não regular de corticosteroide inalatório (CI, independentemente do padrão ventilatório na espirometria. Resultados: Observou-se associação entre os valores de VEF1 e o grau de controle da asma segundo o GINA (p=0,001 em todos os pacientes analisados, independentemente do uso de CI, mas não houve associação entre os valores de VEF1 e os níveis da FeNO. Conclusões: A correlação observada entre o GINA e o VEF1 reforça a importância da espirometria no seguimento clínico desses pacientes. Embora não tenha sido detectada associação entre o valor da FeNO e o grau de controle da asma e o VEF1,a FeNO pode constituir um método precoce para detectar inflamação nas vias aéreas, antes mesmo dos sintomas e das alterações espirométricas.

  5. Relações entre contexto familiar e uso de drogas em adolescentes de ensino médio Relaciones entre la situación familiar y el uso de drogas en adolescentes de la enseñanza secundaria Relations between family context and substance abuse in high school adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jairo Jose Garcia

    2011-06-01

    Full Text Available Este estudo teve por objetivo descrever características do contexto familiar de adolescentes de ensino secundário e suas relações com o uso de substâncias psicoativas. Utilizou-se desenho de estudo descritivo transversal, do tipo survey, com amostra de 657 estudantes de ensino secundário da cidade de Leon, Nicarágua, correspondendo a 31% do universo investigado. As informações foram coletadas por meio de questionário autoadministrado e anônimo. Os resultados mostraram que 56% dos adolescentes conviviam com ambos os pais e 32% somente com a mãe; 86% tinham boas relações com a mãe, porém 24% não mostravam confiança na figura materna. Em relação ao uso de substâncias psicoativas no núcleo familiar, 52% das famílias de origem dos/das adolescentes apresentavam antecedentes, sendo o pai o que normalmente fazia uso (42%. Os resultados trazem contribuições relevantes para a elaboração de políticas públicas na área da saúde e o delineamento de estratégias de prevenção entre adolescentes.Este estudio tuvo como objetivo describir características del contexto familiar de adolescentes de la enseñanza secundaria y sus relaciones con el uso de sustancias psicoactivas. Se utilizo un diseño de estudio descriptivo transversal, de tipo encuesta, con una muestra de 657 estudiantes de escuelas secundarias de la ciudad de León, en Nicaragua, correspondiendo a 31% del universo. La información fue recolectada a través de un cuestionario auto aplicado y anónimo. El 56% del total convive con ambos padres y el 32% sólo con la madre. Tienen buenas relaciones con la madre pero no confían en ella, con 86% y 24% respectivamente. En relación al uso de sustancias en el núcleo familiar, el 52% de las familias de donde proceden las/los adolescentes tienen antecedentes de uso, siendo el padre el que generalmente usa (42%. Los resultados aportan contribuciones relevantes para la elaboración de políticas públicas en salud y para el

  6. O aborto entre adolescentes El aborto entre los adolescentes The abortion among adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vera Lúcia Costa Souza

    2001-04-01

    Full Text Available Para algumas adolescentes a gravidez realização e felicidade, mas para a maioria delas significa momento de tristeza, medo e até mesmo desespero, pois o filho não estava nos seus planos e o aborto se apresenta como única saída. Este estudo retrospectivo objetivou traçar o perfil epidemiológico das adolescentes internadas que se submeteram a curetagem, no Hospital Geral Clériston Andrade em Feira de Santana-Bahia, no período de janeiro/1995 a dezembro/1997. Os resultados demonstraram a necessidade de trabalho educativo como forma de prevenção da gravidez indesejada.Para algunas adolescentes el embarazo felicidad y realización, pero para la mayoría de ellas significa un momento de tristeza, miedo e incluso desesperación, pues el hijo no estaba en sus planes y el aborto se presenta como única salida. Este estudio retrospectivo buscó trazar el perfil epidemiológico de las adolescentes hospitalizadas que fueron sometidas a legrado de enero del 1995 al diciembre del 1997. Los resultados señalaron una gran necesidad del trabajo educativo como alternativa para prevenir embarazos no deseados.For some adolescents, pregnancy means happiness and fullfillment. However, for most of them, it means a sad moment, characterized by fear and despair, as this is an unplanned situation and the abortion seems the only alternative. This retrospective study aimed at finding out the epidemiological profile of the adolescents admitted at the Clériston Andrade General Hospital, in Feira de Santana, Bahia, that were submitted to a curettage from January 1995 to December 1997. The results showed the need for educative programs in order to prevent unplanned pregnancies.

  7. Cyberbullying e Esquemas Iniciais Desadaptativos em Adolescentes Brasileiros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Caroline Louise Mallmann

    2017-07-01

    Full Text Available Este trabalho teve por objetivo investigar o cyberbullying em adolescentes brasileiros e sua relação com os Esquemas Iniciais Desadaptativos (EIDs. Participaram 273 estudantes brasileiros, que responderam ao Revised Cyberbullying Inventory e ao Questionário de Esquemas de Young para Adolescentes, adaptado à realidade brasileira. Os resultados apontaram que os adolescentes envolvidos em cyberbullying como vítimas e vítimas-agressores apresentaram escores significativamente mais elevados na maioria dos eids do que os não-envolvidos. Vítimas e vítimas-agressores tiveram maiores escores que não-envolvidos nos esquemas de Abandono, Grandiosidade e Autocontrole Insuficiente. Vítimas indicaram escores mais altos do que não-envolvidos em Autossacrifício e Defeito, e maiores escores que agressores no esquema de Defeito. Vítimas-agressores apresentaram escores mais altos do que não-envolvidos nos esquemas de Desconfiança, Busca de Aprovação, Negativismo e Padrões Inflexíveis. Discute-se a maior frequência de cyberbullying entre meninas, e os EIDs como fatores que tornam adolescentes mais vulneráveis à cyber vitimização ou cyber agressão.

  8. Recreational use of benzydamine as a hallucinogen among street youth in Brazil Uso recreacional de benzidamina como alucinógeno entre adolescentes em situação de rua no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Emérita Sátiro Opaleye

    2009-09-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To describe the recreational use of benzydamine, an anti-inflammatory drug, among street youth in Brazil. METHOD: Design: a descriptive, cross sectional survey. Setting: 93 welfare services for the street youth in 27 Brazilian capitals. Participants: 2807 street youth, 10 to 18 years old. Main outcome measures: demographic characteristics, drug use pattern (lifetime use, use in the past 30 days, frequency, and characteristics of use in the past month and effects of benzydamine through the use of a questionnaire. RESULTS: 78 reported lifetime recreational benzydamine use (67 cases identified only in three capitals. Among the 30 respondents reporting drug use in the last month (the month preceding the survey, 66.7% (n = 20 used the drug on 4 or more days (in the month preceding the survey. The most frequently (50% pleasure effects reported were hallucination and nonspecific sensory changes described as "trips". Unwanted effects were reported by 75% of respondents, they were especially nausea and vomiting (21.4%. In the majority of the cases, drug was obtained from drugstores without a medical prescription. CONCLUSION: This study identifies the recreational use of benzydamine among street youth, mainly in the Northeast of Brazil, and also indicates the need for special controls on the dispensation of this substance.OBJETIVO: Descrever o uso recreacional de benzidamina, um medicamento antiinflamatório, entre adolescentes em situação de rua no Brasil. MÉTODO: Desenho: descritivo, transversal. Local: 93 instituições assistenciais para crianças e adolescentes em situação de rua nas 27 capitais do Brasil. Participantes: 2.807 crianças e adolescentes em situação de rua, com idade entre 10 e 18 anos. Principais medidas de interesse: características demográficas, padrão de uso (uso na vida, uso nos últimos 30 dias, frequência e características de uso no mês anterior à pesquisa e efeitos da benzidamina usando um question

  9. Relación entre Problemas de Conducta en Adolescentes y Conflicto Interparental en Familias Intactas y Monoparentales/Relationship between Teen Behavior Problems and Interparental Conflict in Intact and Single-Parent Families/Relação entre Problemas de Comportamento em Adolescentes e Conflito Interparental em Famílias Intactas e Monoparentais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cecilia Mayorga Muñoz

    2016-03-01

    Full Text Available El propósito del estudio fue analizar la influencia del conflicto interparentalen la aparición de problemas de conducta en adolescentes de familias intactas y monoparentales. Se utilizó un diseño explicativo que consideró prueba de medias y análisis multivariado de varianza. La muestra estuvo compuesta de 466 adolescentes de 12 a 16 años. Para la medición de las variables se utilizaron las escalas Children’s Perception of Interparental Conflict (cpic y Youth Self Report (ysr. Los resultados confirman la asociación entre conflicto interparental y problemas de conducta en los hijos, y muestran que, cuando hay conflicto en las familias intactas, se produce una mayor frecuencia de conductas externalizantes que en familias monoparentales.

  10. Comparação entre duas coortes de mães adolescentes em município do Sudeste do Brasil Comparison between two cohorts of adolescent mothers in Southeastern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eleonora RO Ribeiro

    2000-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar a prevalência de gravidez na adolescência e analisar variáveis sociobiológicas relacionadas ao binômio mãe-filho entre duas coortes de mães adolescentes de nascidos vivos em Ribeirão Preto (1978-1979 e 1994. MÉTODOS: Foram entrevistadas mães adolescentes logo após o parto, sendo 943 em 1978/79 e 499 em 1994, abrangendo nascidos vivos de parto único, de famílias residentes em Ribeirão Preto, SP. Foi utilizado o teste do qui-quadrado, com nível de significância de 0,05. RESULTADOS: O percentual de mães adolescentes aumentou de 14,1% em 1978/79 para 17,5% em 1994 (pOBJECTIVE: To compare the prevalence of pregnancy among adolescents and analyze trends in some social and biological variables among two cohorts of adolescent mothers in Ribeirão Preto, Brazil, during 1978/79 and 1994. METHODS: Two cohorts of adolescent mothers were interviewed shortly after delivery, comprising 943 women in the first survey (1978/79 and 499 in the second (1994. Both surveys covered more than 98% of births in all childbirth clinics. Only singleton livebirths from adolescent mothers living in the municipality were included in the analysis. The Chi-square test was used for statistical analysis, with a 0.05 significance level. RESULTS: The percentage of adolescent mothers increased from 14.1% in 1978/79 to 17.5% in 1994 (p<0.05, mainly due to an increase in deliveries in the 13-17 years age group. There was a reduction in the number of smokers and mothers with lower schooling. The number of prenatal care visits increased. There was also an increase in the proportion of single mothers, of those who were employed and got private delivery care. Low birth weight and preterm birth rates remained unchanged for all of them. Ceasarean section and forceps delivery rates increased substantially. Mothers in the 13-17 years age group however showed twice as much premature and low birth weight children, a higher proportion of single mothers with

  11. Produção de sentidos entre adolescentes sobre o cuidado de si na gravidez

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nayara Bueno de Araujo

    2016-06-01

    Full Text Available No pré-natal, profissionais comumente desconsideram a rede de produção de sentidos de adolescentes sobre o cuidado de si na gravidez. Busca-se evidenciá-la em uma situação concreta, com foco nas fontes e comunidades de referência para adolescentes de áreas pobres de Cuiabá-MT, Brasil, sintetizadas em um mapa. Trata-se de estudo qualitativo, realizado entre 2014-2015, com 12 adolescentes grávidas, por meio de: grupo focal, entrevista individual, consulta a prontuários e análise baseada em preceitos e categorias da Análise de Discurso Crítica. A principal comunidade discursiva de referência das adolescentes é a família, embora profissionais de saúde, mídia e conhecidos também intermedeiem a construção de seus discursos. A cultura biomédica e o cuidado, como controle de riscos via comportamentos, são, respectivamente, as fontes e as vozes mais relevantes dentre outras concorrentes. Entender essas peculiaridades propicia ao profissional buscar melhores formas de relacionar-se com adolescentes e ampliar sua autonomia.

  12. Correlação entre variáveis de composição corporal e metabólica em adolescentes do sexo feminino Correlación entre variables de composición corporal y metabólica en adolescentes del sexo femenino Correlation between metabolic and body composition variables in female adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eliane Rodrigues de Faria

    2009-08-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Análise das alterações metabólicas e de composição corporal em adolescentes. OBJETIVO: Estudar a correlação entre níveis séricos de lipídios, glicemia, insulina, homocisteína, HOMA-IR e pressão arterial, entre si e com variáveis corporais. MÉTODOS: Coletaram-se dados referentes a glicemia, colesterol total e frações (LDL, HDL e VLDL, triacilgliceróis, insulina, homocisteína e pressão arterial em 100 adolescentes de 14 a 17 anos de escolas públicas de Viçosa (MG que já haviam apresentado a menarca. A porcentagem de gordura corporal (%GC foi avaliada pela bioimpedância horizontal. RESULTADOS: Em relação ao estado nutricional, 83%, 11% e 6%, respectivamente, apresentaram eutrofia (EU, risco de sobrepeso/sobrepeso (RS/SP e baixo peso (BP (CDC/NCHS, 2000, e 61% apresentaram alta %GC. O colesterol total foi o que apresentou maior porcentagem de inadequação (57%, seguido do HDL (50%, LDL (47% e triacilgliceróis (22%. Observou-se inadequação em 11%, 9%, 5% e 4%, respectivamente, em relação à resistência a insulina, insulina, pressão arterial e glicemia. Para colesterol total, insulina, HOMA-IR e estado nutricional, RS/SP>BP (pEU>BP (pFUNDAMENTO: Análisis de las alteraciones metabólicas y de composición corporal en adolescentes. OBJETIVO: Estudiar la correlación entre niveles séricos de lípidos, glucemia, insulina, homocisteína, HOMA-IR y presión arterial, entre si y con variables corporales. MÉTODOS: Se recolectaron datos referentes a glucemia, colesterol total y fracciones (LDL, HDL y VLDL, triacilgliceroles, insulina, homocisteína y presión arterial en 100 adolescentes de 14 a 17 años de escuelas públicas de Viçosa (MG que ya habían presentado la menarca. El porcentaje de grasa corporal (%GC se evaluó por la bioimpedancia horizontal. RESULTADOS: Con relación al estado nutricional, el 83%, el 11% y el 6%, respectivamente, presentaron eutrofia (EU, riesgo de sobrepeso/sobrepeso (RS/SP y

  13. Efeitos da entrevista motivacional em adolescentes infratores

    OpenAIRE

    Andretta,Ilana; Oliveira,Margareth da Silva

    2008-01-01

    A entrevista motivacional é uma intervenção breve, que visa estimular a mudança de comportamento. Foi aplicada, nesta pesquisa, em adolescentes usuários de drogas, identificando-se as modificações ocorridas após a mesma. A amostra foi constituída por 50 adolescentes usuários de drogas que cometeram ato infracional. Todos foram avaliados por meio de protocolo padrão, depois submetidos a cinco sessões de entrevista motivacional, e reavaliados posteriormente. Os resultados encontrados na reavali...

  14. Confiabilidade da versão em Português do Inventário de Fobia Social (SPIN entre adolescentes estudantes do Município do Rio de Janeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vilete Liliane Maria Pereira

    2004-01-01

    Full Text Available Acredita-se que a fobia social teria início na adolescência e que precederia outros transtornos mentais, sendo importante a sua investigação nos jovens. Até o momento, não há nenhuma escala de fobia social validada para a nossa população. Neste estudo investigou-se a confiabilidade da versão em Português do Social Phobia Inventory (SPIN entre escolares adolescentes da rede pública do Município do Rio de Janeiro. Após a versão do SPIN para o Português, conduziu-se um estudo de confiabilidade teste-reteste com 190 adolescentes de duas escolas, estimando-se os coeficientes de correlação intraclasse (CCIC, kappa ponderado (kw² e ajuste de modelos log-lineares. Foram ainda construídos gráficos Bland & Altman. Observou-se uma boa consistência interna (a de Cronbach = 0,88 e boa confiabilidade da pontuação total do instrumento (CCIC = 0,78. A confiabilidade das perguntas isoladas não foi tão boa (kw² variando de 0,32 a 0,65. O modelo log-linear de melhor ajuste aos dados na maior parte dos itens foi o de "semi-associação". Esses achados nos permitiram concluir que a versão em português do SPIN exibiu resultados de boa confiabilidade, semelhantes aos da versão original em Inglês.

  15. Inserção em grupos formais e qualidade de vida entre adolescentes Insertion in formal groups and quality of life among adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cheila de Oliveira Bueno

    2010-12-01

    Full Text Available Este estudo avalia a relação entre afiliação a grupos formais e sexo e autoestima, satisfação com a vida e propósito de vida, conjuntamente, enquanto componentes da qualidade de vida de adolescentes. Trata-se de um estudo transversal, com uma amostra de 748 estudantes do 1º ano do ensino médio, com idades entre 13 e 22 anos, alunos de escolas públicas estaduais de um município da grande Porto Alegre. Os instrumentos utilizados para coleta de dados foram: Pil Test, Brief Life Satisfaction Scale e Escala de Auto-Estima de Rosenberg. Os resultados apontam que as três dimensões avaliadas, conjuntamente, foram significativamente afetadas pela pertença a grupos (F(3, 698=2,88, pThis present study evaluates the relation between affiliation to formal groups and gender and self-esteem, life satisfaction and purpose of life, altogether, as components of the quality of life of adolescents. This is a transversal study, with a sample of 748 teenager students from the first year of high school, ages between 13 and 22 years-old, of state public schools of a city in the metropolitan area of Porto Alegre. The instruments used to collect the data were: Pil Test, Brief Life Satisfaction Scale and Rosenberg's Self-Esteem Scale. The results indicate that the three aspects evaluated, altogether, were significantly affected by the affiliation to groups (F(3, 698= 2,88, p<0,05, but not by gender. The adolescent quality of life is better among youngsters who take part in formal groups. The study points out to the participation in formal groups as an indicative of positive health and a relevant aspect for health promotion.

  16. Efetividade de uma intervenção educacional em tabagismo entre adolescentes escolares Effectiveness of an educational intervention on smoking among school adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maura C. Malcon

    2011-03-01

    Full Text Available O objetivo do estudo foi avaliar a efetividade de um programa educacional sobre tabagismo desenvolvido pelo Instituto Nacional do Câncer em adolescentes escolares de Pelotas, RS. Das 46 escolas públicas da cidade, 32 foram sorteadas aleatoriamente e, posteriormente, randomizadas em grupo controle ou intervenção. Em ambas as fases do estudo (pré e pós-intervenção, os estudantes de 7ª e 8ª série responderam a um questionário, e uma amostra de urina foi coletada para análise de cotinina. A intervenção educativa teve duração de seis meses. Os desfechos estudados foram: "auto-relato de uso de cigarros nos últimos 30 dias" e "concentração de cotinina na urina (categorizada em > 10 ng/ml e > 30 ng/ml". A intervenção não provocou mudança na prevalência de tabagismo, tanto mensurado por auto-relato como pela concentração de cotinina. No entanto, o conhecimento dos alunos acerca dos malefícios do cigarro aumentou no grupo intervenção. Em resumo, não houve efetividade da intervenção educacional para mudanças de comportamento, mas houve melhora no conhecimento dos prejuízos do fumo.The aim of the present study was to evaluate the effectiveness of an educational program on smoking developed by the Brazilian Institute of Cancer among adolescents from Pelotas, Brazil. Out of 46 public schools in the city, 32 were sampled and randomized into an intervention and a control group. In both phases of the study (pre and post intervention, 7th and 8th grade students answered to a questionnaire and had a sample of urine collected for cotinine analysis. The educational intervention lasted six months. Outcome variables were: "self-reported smoking within the previous 30 days" and "cotinine concentration in urine (classified into > 10 ng/ml and > 30 ng/ml. No effects of the intervention were observed for any of the behavioral outcomes, although knowledge on the harmful effects of smoking increased in the intervention group. In summary

  17. Freqüência de consumo de dietas ricas em gordura e pobres em fibra entre adolescentes Frequency of high-fat and low-fiber diets among adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marilda Borges Neutzling

    2007-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever a freqüência e os fatores associados ao consumo de dietas ricas em gordura e pobres em fibra em adolescentes. MÉTODOS: Estudo de delineamento transversal com adolescentes de 10 a 12 anos, realizado em 2004/2005, em Pelotas, RS. A freqüência alimentar no ano anterior à pesquisa foi avaliada pelo questionário de Block, composto por 24 itens alimentares, pontuados de acordo com a freqüência de consumo de alimentos ricos em fibras e gorduras. Na análise bruta, as prevalências de dietas ricas em gordura e pobres em fibra foram comparadas conforme sub-grupos das variáveis independentes (sexo, cor da pele, nível socioeconômico, escolaridade materna e estado nutricional do adolescente. Para controle de fatores de confusão, uma análise multivariável por regressão de Poisson foi realizada para cada desfecho. RESULTADOS: Foram encontrados 4.452 adolescentes, representando 87,5% da coorte original. A maioria dos jovens (83,9% consumia dieta pobre em fibra, e mais de um terço deles (36,6% consumia dieta rica em gordura. O nível socioeconômico e a escolaridade materna mostraram-se diretamente associados com a prevalência de consumo de dietas ricas em gordura. Jovens dos níveis socioeconômicos A+B e C apresentaram menor freqüência de consumo de dietas pobres em fibra. CONCLUSÕES: A prevalência de dietas ricas em gordura e pobres em fibra foi elevada nessa população de adolescentes. Políticas públicas dirigidas aos determinantes dos hábitos alimentares são necessárias e urgentes.OBJECTIVE: To describe the frequency and associated factors of high-fat and low-fiber diets among adolescents. METHODS: A cross-sectional study was carried out in adolescents aged 10-12 years in Pelotas, southern Brazil, in 2004 and 2005. Dietary patterns in the previous 12 months were evaluated using the Block questionnaire comprising 24 food items scored according to the frequency of consumption of high-fat and low-fiber food. In

  18. Riscos cardiovasculares em adolescentes com diferentes graus de obesidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Silvia Ferrari Lavrador

    2011-03-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Há poucos estudos sobre riscos cardiovasculares em adolescentes com diferentes graus de obesidade. OBJETIVO: Avaliar repercussões metabólicas associadas a diferentes graus de obesidade em adolescentes e seu impacto nos riscos cardiovasculares. MÉTODOS: Estudo transversal com 80 adolescentes obesos, divididos em dois grupos: 22,5, denominados obesos com menor e maior grau de obesidade, respectivamente. Foram realizados exame físico e avaliação bioquímica e de composição corporal. Para a análise estatística, foram aplicados os testes t-Student e qui-quadrado, com a finalidade de comparar os dois grupos. Modelo logístico múltiplo foi utilizado para verificar as associações entre variáveis bioquímicas e grau de obesidade. Foram desenvolvidos escores de risco para doença cardiovascular, de acordo com o número de alterações encontradas nas seguintes variáveis: glicemia de jejum, triglicérides, HDL e PA. Foram verificadas associações entre esses escores e o grau de obesidade. RESULTADOS: Os dois grupos diferiram em valores de peso, circunferência da cintura, glicemia e insulina de jejum, HOMA-IR, triglicérides, HDL, PA e medidas de composição corporal (p<0,05. Os adolescentes com maior grau de obesidade apresentaram maiores frequências de alterações para glicemia, HOMA-IR, triglicérides, HDL e pressão arterial (p<0,05. O modelo logístico mostrou associações entre o grau de obesidade e as variáveis: HDL (OR=5,43, PA (OR=4,29, TG (OR=3,12. O escore de risco demonstrou que 57,7% dos adolescentes com maiores graus de obesidade tinham duas ou mais alterações metabólicas para 16,7% do outro grupo (p<0,001. CONCLUSÃO: O grau da obesidade influenciou no aparecimento de alterações que compõem a síndrome metabólica, aumentando o risco cardiovascular.

  19. Sexual activity among female teenagers: a comparison between two groups of middle class adolescents from a private clinic according to pregnancy status Atividade sexual em mulheres adolescentes: uma comparação entre dois grupos de adolescentes de classe média de clínica particular de acordo com estado gravídico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre Faisal-Cury

    2008-09-01

    Full Text Available OBJECTIVES: to investigate patterns of sexual activity among teenagers. METHODS: a cross-sectional study was conducted between July 1998 and September 2000, among 117 sexually active female adolescents from a private clinic, in the city of the Osasco, State of São Paulo, Brazil. They were divided into two groups: one pregnant group (PG comprised 62 adolescents that were either pregnant (46 or had previously been pregnant (16; another group of 55 female adolescents that had never been pregnant (NPG. During consultations with these subjects, a physician conducted a semi-structured interview. Knowledge, attitudes and practices relating to sexual activity were evaluated. The comparison between the two groups was carried out using Student's t test, the chi-square test or Fisher's exact test. RESULTS: the two groups showed considerable similarities in terms of sexual behaviour, having engaged in the first sexual intercourse at the age of 15 and having had an average number of sexual partners of 1.5. Nevertheless, adolescents in the PG group had initiated sexual life earlier and tended to use less contraceptive methods during the first intercourse. Despite widespread knowledge of contraception, a large number of the adolescents did not use any contraceptive method during first sexual intercourse. In their current sexual life, an average of 81% of the participants referred to attaining orgasm. CONCLUSIONS: knowledge about contraceptive techniques is not enough to avoid unplanned pregnancies, suggesting the importance of investigating other psychosocial aspects of motherhood and maternal identity among teenagers.OBJETIVOS: investigar padrões de atividade sexual em adolescentes. MÉTODOS: estudo transversal realizado entre julho de 1998 e setembro de 2000, com 117 mulheres adolescentes sexualmente ativas oriundas de clínica privada, em Osasco, São Paulo, Brasil. Foram constituídos dois grupos: um grupo de grávidas (PG com 62 adolescentes que estavam

  20. Gravidez em mulheres adolescentes: a ótica de familiares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fátima Raquel Rosado Morais

    2002-08-01

    Full Text Available Estudo descritivo, em que se objetivou conhecer a ótica de familiares acerca da situação da gravidez de uma adolescente do grupo. O estudo foi desenvolvido no município de Mossoró-RN, no Conjunto Liberdade II. Quatorze famílias participaram do estudo e a amostra de familiares de adolescentes grávidas ficou constituida por dezenove pessoas: treze mães, uma avó, duas sogras, um pai. um padrasto e um sogro. Entre os resultados do estudo, verificou-se que a preocupação com a imaturidade física e emocional das adolescentes grávidas e as questões de ordem econômica predominaram nos discursos de grande parte dos familiares; que a crise situacional intrafamiliar parecia resolver-se com o evolver da gestação e ter solução mais rápida quando a adolescente estabelecia uma união consensual com o parceiro afetivo-sexual; e que, mesmo vivendo uma crise, o comportamento de solidariedade dos familiares superou as reações emocionais negativas e os conflitos interpessoais iniciais.

  1. Associação entre insatisfação com a imagem corporal e indicadores antropométricos em adolescentes Association between body image dissatisfaction and anthropometric indicators in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Fátima Glaner

    2013-03-01

    Full Text Available O objetivo foi verificar a associação entre a insatisfação com a imagem corporal, o índice de massa corporal (IMC, a adiposidade corporal e a obesidade abdominal em adolescentes. Participaram 637 adolescentes (11-17 anos de ambos os sexos. Foram medidos massa corporal, estatura, perímetro do abdômen, dobras cutâneas do tríceps e perna medial e, coletadas informações referentes a imagem corporal. O IMC, a obesidade abdominal e a adiposidade corporal foram usados como referência em relação ao desfecho. A prevalência de insatisfação com a imagem corporal foi de 60% (rapazes = 54,3%, moças = 65,2%; p The aim of this study was to evaluate the association between body image dissatisfaction, body mass index (BMI, body adiposity and abdominal obesity in adolescents. A total of 637 adolescent boys and girls (11-17 years participated. Measures of body weight, height, waist circumference, triceps and medial calf skinfold thickness and, body image were collected. BMI, abdominal obesity and body adiposity were used as references in relation to the outcome. The prevalence of body image dissatisfaction was 60% (boys = 54.3%; girls = 65.2%, p < 0.05. Boys with a low BMI and abdominal obesity presented a 4.31 and 4.93 times higher probability of body image dissatisfaction, respectively. In girls, the probability of body dissatisfaction was 6.81 and 1.95 times higher among those with a high BMI and high body adiposity, respectively. Low BMI and abdominal obesity were associated with body image dissatisfaction in boys, whereas in girls an association was observed with high BMI and high body adiposity.

  2. O consumo de drogas entre os estudantes adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Denis da Silva Moreira

    1996-12-01

    Full Text Available Este trabalho de pesquisa aborda os aspectos relacionados ao consumo de drogas entre os estudantes de 7º e 8º séries, na faixa etária de 12 a 15 anos, das escolas públicas e particulares da cidade de Alfenas, no ano de 1993. As drogas mais oferecidas e mais usadas foram os solventes voláteis ou inalantes, seguidos da maconha. O local onde a oferta é mais freqüente são os lugares públicos ( ginásios de show, bares, casa de jogos, parques e outros. Constatou-se que 5,5% dos entrevistados já fizeram uso de drogas, sendo motivados pela curiosidade e influência dos amigos. Praticamente todos os estudantes já receberam, através da família e/ou escola, orientação sobre drogas. A escola é a instituição que possui a maior clientela de risco às drogas, ou seja, crianças, adolescentes e jovens e por ser uma das responsáveis na educação e em passar Cultura é a que possui maioras condições de executar um programa de prevenção às drogas.

  3. Padrão de consumo de álcool e fatores associados entre adolescentes estudantes de escolas públicas em município do interior brasileiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tatiana Gonçalves dos Reis

    2015-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar aspectos relacionados ao consumo alcoólico entre estudantes de um município do interior do sudeste brasileiro. MÉTODOS: Neste estudo transversal foram avaliados 638 alunos de 13 a 17 anos, sendo 355 (55,6% meninas, escolhidos de modo randomizado em 13/40 (32,5% escolas públicas entre novembro de 2009 e agosto de 2010. Foi utilizado um questionário estruturado para coleta de dados pessoais/familiares e o Alcohol Use Disorders Identification Test (AUDIT para avaliar o consumo alcoólico. Foi usada análise bivariada e regressão logística. RESULTADOS: Foi verificado que 516 (80,9% estudantes fizeram uso de álcool na vida e 115 (18,4% faziam consumo de risco (AUDIT ≥ 8. Pela análise bruta, o consumo de risco associou-se à faixa etária (16 a 17 anos, idade do primeiro consumo (≤ 12 anos, maior renda familiar, ambiente familiar conflituoso, não praticar uma religião e consumo alcoólico dos pais. Pela análise ajustada observou-se associação com a idade do primeiro consumo (≤ 12 anos, sendo odds ratio (OR = 2,5 e intervalo de confiança de 95% (IC95% 1,4 - 4,4. Vida sexual foi mais frequente entre os que já fizeram uso de álcool na vida (OR = 3,3; IC95% 2,0 - 5,3. Sob efeito do álcool, 22/103 alunos (21,4% nem sempre utilizaram preservativos. Entre todos, 25,4% acreditam que não há risco em beber e 98% já compraram bebidas alcoólicas. Sentir vontade de beber após assistir a propagandas de bebidas alcoólicas foi mais frequente entre adolescentes que já as consumiram (OR = 1,7; IC95% 1,1 - 2,6. CONCLUSÃO: Foi verificado preocupante e precoce consumo alcoólico entre estudantes, mostrando a necessidade tanto de conscientização dos jovens e de seus responsáveis para os riscos desse consumo, quanto de se cumprir a lei que proíbe a venda de bebidas alcoólicas a menores de idade.

  4. COMPARAÇÃO DA AUTOEFICÁCIA NA AMAMENTAÇÃO ENTRE PUÉRPERAS ADOLESCENTES E ADULTAS EM UMA MATERNIDADE DE RIBEIRÃO PRETO, BRASIL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina Maria de Sá Guimarães

    2017-01-01

    Full Text Available Objetivo: verificar y comparar la autoeficacia de la Lactancia Materna entre puérperas adolescentes y adultas en el posparto inmediato. Método: estudio observacional, transversal y comparativo, realizado en el alojamiento conjunto de una maternidad, en la ciudad de Ribeirão Preto, Brazil. La recolección de datos fue realizada en el período de enero a julio de 2014. La muestra fue constituida por 306 madres adultas y 94 adolescentes. La versión brasileña de la B reastfeeding Self-Efficacy Scale evaluó la autoeficacia de la lactancia materna. Para comparar los valores de autoeficacia entre los grupos participantes, los valores fueron sometidos al test de t-Student . Fue considerado un nivel de significancia de 5% ( p =0,05. Resultados: entre los grupos participantes la mayoría (54% presentó niveles elevados de autoeficacia, y la diferencia entre los resultados entre adolescentes y adultos no fue estadísticamente significativo ( p =0,3482. Conclusión: los profesionales deben de estar atentos a la autoeficacia en el amamantamiento, con el objetivo de direccionar acciones específicas a los grupos de mujeres adolescentes y adultas, favoreciendo así, el aumento de los índices de amamantamiento.

  5. Associações entre atividade física, índice de massa corporal e comportamentos sedentários em adolescentes Associations between physical activity, body mass index, and sedentary behaviors in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kelly Samara da Silva

    2008-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: Este estudo teve como objetivo determinar a associação do índice de massa corporal (IMC com os níveis de atividade física (AF e comportamentos sedentários (assistir TV, usar computador ou jogar videogames em adolescentes de escolas públicas do Estado de Santa Catarina (15-19 anos; n = 5.028. MÉTODOS: As informações foram coletadas por meio de questionário desenvolvido e validado para adolescentes. Foram considerados insuficientemente ativos, os jovens que não acumulavam pelo menos 300 minutos/semana de atividades físicas moderadas ou vigorosas. Considerou-se para o uso excessivo de TV e computador/games um tempo > 2 horas/dia; para excesso de peso corporal, utilizou-se a tabela internacional de IMC para adolescentes. RESULTADOS: O excesso de peso corporal foi mais prevalente entre os rapazes (12,7% vs 7,9%, pOBJECTIVE: The objective of this study was to analyze the associations of body mass index (BMI with physical activity, sedentary behaviors (TV, computer/videogames in a representative sample (n=5,028 of adolescents (15-19 years in the State of Santa Catarina, Brazil. METHODS: Data was collected using a validated health behavior questionnaire developed for adolescents. Excess body weight was determined according to the international BMI tables developed for adolescents. Students were classified as not being physically active if they reported having less than 300 minutes of moderate/vigorous physical activity (MVPA per week. Two or more hours a day was considered excess screen time (TV, computer, games. RESULTS: Excess body weight was more prevalent (p<0.001 among boys (12.7% than girls (7.9%, but inadequate physical activity was more prevalent (p<0.001 among girls (37% than boys (21%. Less active boys had a greater chance (74% of having excess body weight when compared to active ones. Among girls, those belonging to families with lower income (OR=1.85 and living in urban areas (OR=2.22 were at greater risk of having

  6. Prática do abortamento entre adolescentes: um estudo em dez escolas de Maceió (AL, Brasil Practice of abortion among teenagers: a study in ten schools of Maceió (AL, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Divanise Suruagy Correia

    2011-05-01

    Full Text Available Trata-se de um estudo de corte transversal, realizado com o objetivo de investigar as razões que levaram adolescentes a provocarem o aborto, relacionando com idade e tipo de escola que frequentavam. A amostra foi calculada considerando o número de internações para curetagem pós-abortamento. Usou-se como instrumento um questionário semiestruturado, anônimo, aplicado em dez escolas, sorteadas dentre todas da cidade de Maceió (Alagoas, pesquisando-se adolescentes dos 12 aos 19 anos, do sexo feminino. Os dados foram analisados pelo Programa Epi Info, usando-se odds ratio e risco relativo para verificar associação entre variáveis e intervalo de confiança a 95%. Em uma amostra de 2.592 jovens, 559 (21,6% tinham vida sexual ativa, 182 (7,0% referiram ter engravidado e 149 (26,7% abortado. Medo da reação dos pais, idade, falta de apoio do companheiro e rejeição da gravidez foram razões para provocar o aborto, sendo medo a mais citada, em ambos os tipos de escola. O aborto foi mais citado nas escolas públicas, sendo significativo e protetor o risco para abortar antes dos 15 anos, e significativa a relação entre abortar e estudar em escolas públicas. O medo da reação dos pais como razão mais frequente sugere a necessidade de novos estudos sobre sexualidade e comunicação entre pais e filhos.This is a cross-cut study that was carried out with the objective of investigating the causes through which adolescents have provoked abortion, relating it to age and the type of school attended. The sample was calculated by taking into account the number of hospital admissions for post-abortion curettage. A semi-structured and anonymous questionnaire was used as a research instrument which was applied in ten schools randomly chosen among all schools, of Maceió (Alagoas, Brazil, to reach 12-19 years old female teenagers. The data were assessed by the Epi Info Program making use of odds ratio and a relative risk to verify any association among

  7. A anorexia nervosa e fatores associados em adolescentes do sexo feminino, em município do sul do Brasil

    OpenAIRE

    Hulsmeyer, Ana Rodrigues; Marcon, Sonia Silva; Santana, Rosângela Getirana; Kállas, Daniel

    2011-01-01

    Objetivo foi investigar a prevalência de sintomas de anorexia nervosa e a sua associação com o Índice de Massa Corporal (IMC), e com satisfação e dimensão corporais, em adolescentes do sexo feminino. Trata-se de um estudo de base populacional, do tipo transversal, realizado com 407 adolescentes entre 14 e 19 anos, e incluiu a avaliação do IMC, o Eating Attitude Test, e a Escala de Silhuetas Corporais. A associação entre as variáveis dependente e independente foi realizada por meio da análise ...

  8. Factores de riesgo que condicionan la conducta machista entre adolescentes.

    OpenAIRE

    Sánchez Alonso, Isabel

    2016-01-01

    Este trabajo sobre los factores de riesgo que condicionan la violencia machista entre adolescentes, recoge las principales argumentaciones que explican el origen de la desigualdad entre hombres y mujeres y de cómo la diferencia biológica ha incidido en la división del trabajo según el sexo y en las funciones y roles que debe desempeñar cada uno. A continuación señala los principales factores de riesgo que condicionan la violencia machista en las primeras relaciones am...

  9. ESPAÇO, MASCULINIDADES E ADOLESCENTES EM CONFLITO COM A LEI

    OpenAIRE

    Silva, Joseli Maria; Rossi, Rodrigo; Chimin Junior, Alides Baptista; Ornat, Marcio Jose

    2012-01-01

    doi: 10.12957/geouerj.2012.3701 Resumo A presente discussão evidencia as formas de relação entre espacialidades e a existência dos adolescentes do sexo masculino em conflito com a lei. O grupo objetivado nesta discussão desenvolve suas masculinidades por meio de vivências concretas que só podem ser compreendidas no tempo e espaço próprios, compostos em grande parte da vulnerabilidade dos adolescentes de baixa renda ao ato infracional, estabelecendo estes práticas cotidianas de relações que es...

  10. Relação entre diferentes índices de atividade física e preditores de adiposidade em adolescentes de ambos os sexos Relacion entre diferentes índices de atividad física y predictores de adiposidad en adolescentes de ambos sexos Relationship between different rates of physical activity and adiposity predictors in male and female adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luís Paulo Gomes Mascarenhas

    2005-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Determinar a relação entre diferentes índices de atividade física e preditores de adiposidade em adolescentes de ambos os sexos. MÉTODOS: Foram avaliadas 111 crianças (57 meninos e 54 meninas, com idade média de 11,62 ± 0,72. Como preditores de adiposidade foram determinados o IMC, percentagem de gordura corporal e a relação cintura/quadril (RCQ. Quanto aos indicadores de atividade física, calcularam-se o gasto energético total (GET, nível de atividade física habitual (NAFH, nível de atividade física (NAF e gasto energético com atividade física (GEat através do questionário de Bouchard e, para a taxa metabólica basal (TMB, a equação de Schofield-HW. RESULTADOS: A amostra apresentou diferenças significativas entre os sexos para idade, % de gordura corporal, RCQ, NAFH, NAF, TMB com p OBJETIVO: Determinar la relación entre diferentes índices de actividad física y predictores de adiposidad en adolescentes de ambos sexos. MÉTODOS: Fueron evaluados 111 chicos (57 niños y 54 niñas, con edad media de 11,62 ± 0,72 años. Como predictores de adiposidad fueron determinados por IMC, percentil de grasa, y relación cintuda nalga (RCQ. En cuanto a los indicadores de la actividad física se calculó el gasto energético total (GET,el nivel de actividad física habitual (NAFH, nível de actividad física (NAF y gasto energético con actividad física (GEat a través de un cuestionario de Bouchard y para la taxa metabólica basal (TMB la ecuaciónde Schofield-HW. RESULTADOS: La muestra presentó diferencias significativas entre los sexos para edades, percentil de grasa, RCQ, NAFH, NAF, TMB con (p OBJECTIVES: To determinate the relationship between different rates of physical activity and adiposity predictors in male and female adolescents. METHODS: One hundred and eleven children (57 boys and 54 girls with average age of 11.62 ± 0.72 were measured. As adiposity predictors, the BMI, the body fat percentage, and the waist

  11. Conhecimento de preservativo masculino entre adolescentes: estudo de base populacional no semiárido nordestino, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Mano Hartmann

    2013-11-01

    Full Text Available Buscou-se determinar a prevalência e identificar fatores associados ao não conhecimento de preservativo masculino entre adolescentes, em dois municípios do semiárido piauiense, Brasil, em meados de 2008. Entrevistadores treinados aplicaram questionário padronizado a todos adolescentes (13-19 anos, nos domicílios. Investigaram-se características demográficas, socioeconômicas e conhecimento sobre contracepção e doenças de transmissão sexual (DST. O desfecho foi o não conhecimento de preservativo masculino. Na análise multivariada, utilizou-se regressão de Poisson com ajuste robusto da variância. Dos 2.241 adolescentes, 18,8% disseram não conhecer preservativo. A prevalência de não conhecimento variou de 4% para os com nove anos ou mais de escolaridade a 74% entre os que não conheciam DST. Na análise ajustada, ser do sexo feminino, ter pouca idade, baixa escolaridade, não ter namorada, desconhecer contracepção oral e DST aumentava a probabilidade de não conhecer preservativo em relação às demais categorias. Os dados mostram a urgente necessidade de intervenção entre adolescentes desses municípios.

  12. Fatores associados à cesariana entre primíparas adolescentes no Brasil, 2011-2012

    OpenAIRE

    Gama, Silvana Granado Nogueira da; Viellas, Elaine Fernandes; Schilithz, Arthur Orlando Corrêa; Filha, Mariza Miranda Theme; Carvalho, Márcia Lazaro de; Gomes, Keila Rejane Oliveira; Costa, Maria Conceição Oliveira; Leal, Maria do Carmo

    2014-01-01

    Nesse artigo são apresentados os fatores associados à realização de cesariana em primíparas adolescentes no Brasil, utilizando-se dados de pesquisa nacional de base hospitalar realizada entre 2011 e 2012. As informações foram obtidas por meio de entrevista com a puérpera durante a internação hospitalar. Um modelo teórico conceitual foi estabelecido com três níveis de hierarquia e a variável dependente foi a via de parto – cesariana ou vaginal. Os resultados mostram proporção elevada de cesari...

  13. ADOLESCENTE E SEU ATO INFRACIONAL: ENTRE DIREITOS FUNDAMENTAIS E ATENDIMENTO SOCIOEDUCATIVO

    OpenAIRE

    Saut, Roberto Diniz; Ruthes, Rosa Maria Lemos

    2015-01-01

    A reflexão sobre o adolescente, o ato infracional sob a perspectiva da Lei 12.594, de 18 de janeiro de 2012, conhecida como Lei do SINASE (Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo) insere-se na preocupação do atual momento em que os governos federal, estaduais e municipais se obrigam à implementação do Plano de atendimento Socioeducativo. Parte-se de considerações gerais sobre direitos fundamentais, com uma sequente relação entre direito fundamental e proteção integral. O trabalho pross...

  14. Drug use among street children and adolescents: what helps? Uso de drogas entre crianças e adolescentes em situação de rua: o que ajuda?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Yone Gonçalves de Moura

    2012-07-01

    Full Text Available The aim of this study was to investigate factors associated to frequent and heavy drug use among street children and adolescents aged 10 to 18 years. A sample of 2,807 street children and adolescents from the 27 Brazilian state capital cities was analyzed. A World Health Organization questionnaire for non-students was adapted for use in Brazil. Data analysis was performed using logistic regression and decision tree models. Factors inversely associated with frequent and heavy drug use were: being age nine to 11 years (OR = 0.1; school attendance (OR = 0.3; daily time (one to five hours spent on the streets (OR = 0.3 and 0.4; not sleeping on the streets (OR = 0.4; being on the streets for less than one year (OR = 0.4; maintenance of some family bonds (OR = 0.5; presence on the streets of a family member (OR = 0.6; not suffering domestic violence (OR = 0.6; being female (OR = 0.8. All of these variables were significant at the p O objetivo do estudo foi verificar fatores associados ao uso frequente e pesado de drogas entre adolescentes em situação de rua no Brasil. Estudo transversal com amostra representativa nacional de 2.807 crianças e adolescentes (10-18 anos. Foi usado um questionário da Organização Mundial da Saúde adaptado para o Brasil e análise dos dados, modelo de regressão logística. Fatores inversamente associados ao uso frequente e pesado de drogas: faixa etária entre 9-11 anos (OR = 0,1; frequentar escola (OR = 0,3; permanecer entre 1 e 5 horas na rua (OR = 0,3 e 0,4; não dormir na rua (OR = 0,4; estar na rua há menos de um ano (OR = 0,4; manter algum vínculo familiar (OR = 0,5; permanecer na rua com algum membro da família (OR = 0,6; não ter sofrido violência doméstica (OR = 0,6; gênero feminino (OR = 0,8. Todas essas variáveis apresentaram p < 0,05. Os achados sugerem que ser mais jovem, ficar menos tempo na rua e manter vínculos com escola e família são importantes fatores de proteção para essa popula

  15. Alta prevalência de sedentarismo em adolescentes que vivem com HIV/Aids

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luana Fiengo Tanaka

    2015-09-01

    Full Text Available ResumoObjetivo:Verificar a prevalência de sedentarismo entre adolescentes com HIV/Aids e seus fatores associados.Métodos:Foram entrevistados 91 adolescentes de 10 a 19 anos, com HIV/Aids, em acompanhamento em uma unidade de infectologia universitária. Foram coletados dados antropométricos (peso, altura e circunferência da cintura em duplicata, informações clínicas foram obtidas nos prontuários médicos e a prática de atividade física habitual foi medida por meio do questionário proposto por Florindo et al. O ponto de corte para sedentarismo foi de 300 minutos/semana.Resultados:As prevalências de altura inadequada para idade, desnutrição e sobrepeso/obesidade foram de 15,4%, 9,9% e 12,1%, respectivamente. As atividades físicas mais citadas foram: futebol (44,4%, voleibol (14,4% e andar de bicicleta (7,8%. Os tempos medianos dispendidos com a prática de atividade física e caminhando/andando de bicicleta até a escola foram de 141 minutos e 39 minutos, respectivamente. A maioria dos adolescentes (71,4% era sedentária, proporção maior entre as meninas (p=0,046.Conclusões:Foi observada alta prevalência de sedentarismo entre adolescentes com HIV/Aids, prevalência essa semelhante àquela observada na população geral. Promover a prática de atividade física entre adolescentes - especialmente entre meninas - com HIV/Aids, assim como monitorá-la, deve fazer parte da rotina de acompanhamento desses pacientes.

  16. Sensibilidade e especificidade de classificação de sobrepeso em adolescentes, Rio de Janeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vera Chiara

    2003-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a prevalência, sensibilidade e especificidade em detectar adolescentes em risco de obesidade, baseada no Índice de Massa Corporal (IMC. MÉTODOS: Foram avaliados 502 adolescentes de 12 a 18 anos, participantes da pesquisa Nutrição e Saúde do Município do Rio de Janeiro, desenvolvida em 1996. As variáveis do estudo foram: peso, estatura, IMC e dobra subescapular, de acordo com sexo e idade. As classificações para IMC foram comparadas com a classificação pela dobra subescapular no percentil 90 (excesso de adiposidade da população de adolescentes americanos. RESULTADOS: A prevalência de excesso de adiposidade foi mais elevada com a dobra subescapular (P<0,0001 comparada com as classificações do IMC que apresentaram valores aproximados. A especificidade foi superior à sensibilidade com as duas propostas do IMC. O ponto de equilíbrio entre sensibilidade e especificidade foi próximo ao percentil 70 para meninas e meninos menores de 14 anos. Em meninos maiores de 15 anos, o ponto de corte aproximou-se do percentil 50 do IMC. CONCLUSÃO: Ambas classificações do IMC foram mais adequadas para identificar adolescentes sem obesidade, não sendo sensíveis para rastrear excesso de adiposidade.

  17. Relação entre habilidades de processamento auditivo e funções neuropsicológicas em adolescentes Relation between auditory processing abilities and neuropsychological process in teenagers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mirella Liberatore Prando

    2010-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: averiguar a existência de relações entre o desempenho em testes de processamento auditivo e em tarefas cognitivas. MÉTODOS: participaram 12 adolescentes com desenvolvimento típico, estudantes de terceiro ano do Ensino Médio de escolas privadas do estado do Rio Grande do Sul, Brasil, examinados com uma bateria de testes de PA(C e com o Instrumento de Avaliação Neuropsicológica Breve Neupsilin. Foram realizadas análises de correlação de Pearson e análises qualitativas intertestes para comparação do desempenho na avaliação do PA(C e na avaliação neuropsicológica. RESULTADOS: da bateria de testes PA(C, os Testes SSI - MCI - Teste de Sentenças Sintéticas com mensagem competitiva ipsilateral, SSW - Teste de Dissílabos Alternados e o teste Dicóticos de Dígitos apresentaram correlação forte significativa positiva (coeficiente de correlação de Pearson com os subtestes do Neupsilin: atenção - contagem inversa, percepção de faces, linguagem oral automática e repetição, memória verbal episódica e memória de trabalho - span auditivo de palavras em sentenças. Alguns testes do PA(C apresentaram maior frequência de dissociações com subtestes neuropsicológicos. As correlações encontradas indicam que os testes de PA(C e as tarefas neuropsicológicas parecem examinar algumas habilidades cognitivas subjacentes em comum. As dissociações observadas sugerem que os processamentos auditivo e neuropsicológico são relativamente independentes e a análise intertestes do desempenho dos participantes na avaliação do PA(C, comparada ao desempenho na avaliação neuropsicológica, confirma os resultados encontrados para as questões anteriores. CONCLUSÃO: ressalta-se a necessidade de se pensar o contexto da administração dos testes de PA(C, considerando-se a relação de complementaridade da avaliação neuropsicológica e do exame de processamento auditivo.PURPOSE: to check if there is a relation between the

  18. Fobia social em uma amostra de adolescentes Social phobia in a sample of adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo J. Fonseca D'El Rey

    2006-04-01

    Full Text Available Este estudo relata a prevalência e o impacto na escolaridade da fobia social em uma amostra de adolescentes da cidade de São Paulo, SP, Brasil. O Inventário de Fobia Social (SPIN foi administrado em 116 estudantes adolescentes de 5ª, 6ª, 7ª e 8ª séries de ambos os sexos. A prevalência da fobia social foi de 7,8% na amostra de adolescentes, com maior incidência entre estudantes do sexo feminino, com idade entre 12 e 15. O impacto negativo na escolaridade foi grande, aproximadamente 89% dos adolescentes com fobia social repetiram o ano na escola ao menos uma vez.This study reports the prevalence and the impact in the education of social phobia in a sample of adolescents of the city of São Paulo, SP, Brazil. The Social Phobia Inventory (SPIN was administrated to 116 students of 5th, 6th, 7th and 8th grades of both sexes. The prevalence of the social phobia was 7.8% in the sample of adolescents, with higher incidence among female students, between 12 and 15 years old. The negative impact on the education was great, approximately 89% of the adolescents with social phobia repeated the year in the school at least one time.

  19. Prevalência do uso de drogas e desempenho escolar entre adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Beatriz Franck Tavares

    2001-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a prevalência do uso de drogas entre adolescentes de escolas com segundo grau. MÉTODOS: Com base em um delineamento transversal, foi realizado estudo em 1998 , em Pelotas, RS. Um questionário anônimo, auto-aplicado em sala de aula, foi respondido por uma amostra proporcional de estudantes com idade entre 10 e 19 anos, matriculados no primeiro grau (a partir da 5ª série e no segundo grau, em todas as escolas públicas e particulares na zona urbana do município que tinham segundo grau. Realizou-se até três revisitas para aplicação aos alunos ausentes. RESULTADOS: Foram entrevistados 2.410 estudantes e o índice de perdas foi de 8%. As substâncias mais consumidas, alguma vez na vida, foram álcool (86,8%, tabaco (41,0%, maconha (13,9%, solventes (11,6%, ansiolíticos (8,0%, anfetamínicos (4,3% e cocaína (3,2%. Os meninos usaram mais do que as meninas maconha, solventes e cocaína, enquanto elas usaram mais ansiolíticos e anfetamínicos. Uso no mês, uso freqüente, uso pesado e intoxicações por álcool foram mais prevalentes entre os meninos. Após controle para fatores de confusão, permaneceu positiva a associação entre uso de drogas (exceto álcool e tabaco e turno escolar noturno, maior número de faltas à escola no mês anterior e maior número de reprovações escolares. CONCLUSÕES: A prevalência de experimentação de drogas em adolescentes escolares é alta, sendo importante detectar precocemente grupos de risco e desenvolver políticas de prevenção do abuso e dependência dessas substâncias.

  20. Prevalência do uso de drogas e desempenho escolar entre adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tavares Beatriz Franck

    2001-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a prevalência do uso de drogas entre adolescentes de escolas com segundo grau. MÉTODOS: Com base em um delineamento transversal, foi realizado estudo em 1998 , em Pelotas, RS. Um questionário anônimo, auto-aplicado em sala de aula, foi respondido por uma amostra proporcional de estudantes com idade entre 10 e 19 anos, matriculados no primeiro grau (a partir da 5ª série e no segundo grau, em todas as escolas públicas e particulares na zona urbana do município que tinham segundo grau. Realizou-se até três revisitas para aplicação aos alunos ausentes. RESULTADOS: Foram entrevistados 2.410 estudantes e o índice de perdas foi de 8%. As substâncias mais consumidas, alguma vez na vida, foram álcool (86,8%, tabaco (41,0%, maconha (13,9%, solventes (11,6%, ansiolíticos (8,0%, anfetamínicos (4,3% e cocaína (3,2%. Os meninos usaram mais do que as meninas maconha, solventes e cocaína, enquanto elas usaram mais ansiolíticos e anfetamínicos. Uso no mês, uso freqüente, uso pesado e intoxicações por álcool foram mais prevalentes entre os meninos. Após controle para fatores de confusão, permaneceu positiva a associação entre uso de drogas (exceto álcool e tabaco e turno escolar noturno, maior número de faltas à escola no mês anterior e maior número de reprovações escolares. CONCLUSÕES: A prevalência de experimentação de drogas em adolescentes escolares é alta, sendo importante detectar precocemente grupos de risco e desenvolver políticas de prevenção do abuso e dependência dessas substâncias.

  1. Consumo de álcool e violência entre adolescentes argentinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariaelena Pierobon

    2013-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Este estudo investigou a associação entre álcool e violência na população de jovens argentinos. MÉTODOS: Dados da Global School-based Student Health Survey (GSHS de 2007, uma pesquisa representativa em termos nacionais com alunos do ensino médio, foram examinados utilizando-se modelos de regressão logística ajustados por idade. RESULTADOS: Dos 1328 alunos participantes entre 13 e 15 anos de idade, 51,9% declararam ter consumido álcool no último mês, com taxas mais elevadas entre meninos (p = 0,04 e alunos mais velhos (p < 0,01. Homens e mulheres que bebem demonstraram estar quase duas vezes mais propensos a relatar agressão física, quando em uma briga física, e pensamentos sobre violência autoinfligida do que aqueles que não bebem. Entre as pessoas que bebem, aquelas que reportaram saúde mental precária, haviam sido vítimas de bullying, fumavam, faziam uso de drogas ou abandonaram a escola sem permissão se mostraram duas vezes mais propensas ao envolvimento em atividades violentas do que outras pessoas que também bebem. CONCLUSÃO: Intervenções de saúde pública quanto à violência entre jovens adolescentes devem ser desenvolvidas em combinação com programas de educação sobre álcool.

  2. Entre-sons, entre-mundos, entre-idades: ações dialógicas, cultura adolescente e educação musical

    OpenAIRE

    Vertamatti, Leila Rosa Gonçalves [UNESP

    2012-01-01

    O presente trabalho tem como ponto central a reflexão a respeito da prática da Educação Musical de jovens entre 11 e 14 anos, do Colégio São José de São Bernardo do Campo, a partir de uma proposta que dialogue com o universo do adolescente, a invenção, a percepção do ambiente acústico, visual, social e cultural e o contexto escolar. A principal questão da investigação é a discussão de processos de elaboração de ações musicais com base em um conceito de prática que leve em conta a distância ex...

  3. Correlações entre protocolos de determinação do limiar anaeróbio e o desempenho aeróbio em nadadores adolescentes Correlations between anaerobic threshold determination protocols and aerobic performance in adolescent swimmers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Melo Altimari

    2007-08-01

    Full Text Available O objetivo do presente estudo foi correlacionar as velocidades de limiar anaeróbio (LAn obtidas a partir de concentrações fixas de lactato (VLAn 4 e VLAn 3,5mM, velocidade de lactato mínimo (VLac min e velocidade crítica (VC determinada a partir de diferentes distâncias e número de coordenadas: VC1 (50/100/200m, VC2 (100/200/400m, VC3 (50/100/200/400m e VC4 (200/400m com o desempenho nos 400m(s em nadadores adolescentes. Fizeram parte da amostra 15 nadadores (10 meninos e cinco meninas = 14,7 ± 0,7 anos; 61,9 ± 8,5kg; 171,1 ± 8,8cm de nível nacional, com experiência entre cinco e sete anos na natação competitiva. Para análise das correlações entre os índices e o desempenho nos 400m(s foi utilizado o coeficiente de correlação de Pearson. O nível de significância adotado foi de p The purpose of this study was to correlate the anaerobic threshold speeds (ATS obtained from fixed lactate blood concentration (ATS 4 e ATS 3.5 mM, lactate minimum speed (Lac minS and the critical speed (CS determined from different distances and number of coordinates: CS1 (50/100/200 m, CS2 (100/200/400 m, CS3 (50/100/200/400 m and CS4 (200/400 m with the performance in 400 meters (s in adolescent swimmers. The sample was constituted by 15 swimmers (10 boys and five girls = 14.7 ± 0.7 years; 61.9 ± 8.5 kg; 171.1 ± 8.8 cm of national level, with five to seven years of experience in competitive swimming. The correlation between the indexes and the performance in 400 m (s was made using Pearson correlation coefficients. Significance was set at p < 0.01. The correlations between ATS 4 mM, ATS 3.5 mM, Lac minS and the performance in 400 m (s were: r = -0.63, r = -0.90 e r = 0.91, respectively (p < 0.01. The correlations between CS1 (50/100/200 m, CS2 (100/200/400 m, CS3 (50/100/200/400 m, CS4 (200/400 m and the performance in 400 m (s were: r = -0.62, r = -0.97, r = -0.98 e r = -0.94, respectively (p < 0.01. We suggest that ATS obtained from fixed

  4. Patterns of alcohol use among Brazilian adolescents Padrões de uso de álcool entre adolescentes brasileiros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ilana Pinsky

    2010-09-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To describe patterns of alcohol consumption by adolescents in Brazil. METHOD: From November 2005 to April 2006, a sample composed of 661 subjects aged between 14 to 17 years was rigorously selected in Brazil using a multistage probabilistic method to represent the profile of the adolescent Brazilian population. RESULTS: 34% of Brazilian adolescents drink alcoholic beverages. The mean age of drinking initiation was 14 years of age. Older adolescents, as well as those living in the southern part of Brazil, those who are not attending school and those who are working, and black individuals and those with personal income reported a higher frequency of drinking. Socio-demographic factors such as gender, income bracket, family income and student status do increase the amount of alcohol consumed. Males report a higher frequency of binge drinking than females. Moreover, more than half of the males that had drunk in the previous year reported having engaged in binge drinking on at least one occasion. Beer represents approximately half of all the drinks consumed by adolescents. There was no significant difference between genders in the kind of alcohol consumed. DISCUSSION: Among adolescents who drink, the consumption of several drinks is frequent. Alcohol consumption varies from region to region, social economic status (including self-generated income and age. These findings are discussed in light of their importance for the development of alcohol prevention policies in Brazil.OBJETIVO: Apresentar um panorama nacional sobre o padrão de consumo de bebidas alcoólicas entre adolescentes no Brasil. MÉTODO: Amostra rigorosamente selecionada em procedimento probabilístico em múltiplos estágios em todo o território brasileiro, de novembro de 2005 a abril de 2006, representando um perfil da população adolescente brasileira, composta por 661 sujeitos entre 14-17 anos. RESULTADOS: 34% dos adolescentes brasileiros bebem. A idade média de in

  5. Prevalência e fatores associados ao sedentarismo em adolescentes de área urbana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Helena Klee Oehlschlaeger

    2004-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Determinar a prevalência e fatores associados ao sedentarismo em adolescentes residentes em uma área urbana. MÉTODOS: Realizou-se estudo transversal em uma amostra representativa de 960 adolescentes com idades entre 15 e 18 anos, em 2002, em Pelotas, Estado do Rio Grande do Sul. Os dados foram coletados por meio de um questionário anônimo e auto-aplicado. Foi definindo como sedentário o adolescente que participava de atividades físicas por um tempo menor do que 20 minutos diários e uma freqüência menor do que três vezes por semana. Variáveis sociodemográficas e comportamentais foram avaliadas. Para as comparações entre proporções, utilizou-se o teste do qui-quadrado, e para a análise multivariada, a regressão de Poisson com ajuste robusto para as variâncias. Foi feito controle para efeito de delineamento. RESULTADOS: Foram entrevistados 960 adolescentes, dos quais 39% foram considerados sedentários. As meninas foram mais sedentárias do que os meninos, 2,45 (IC 95% 2,06-2,92. Os adolescentes das classes sociais mais baixas foram mais sedentários, 1,35 (IC 95% 1,06-1,72. Escolaridade inferior a quatro anos de estudo do adolescente 1,30 (IC 95% 1,01-1,68 e da mãe 1,75 (IC 95% 1,31-2,23 apresentaram maior risco para o sedentarismo. Após controle para possíveis fatores de confusão, mostrou-se também positiva a associação entre o sedentarismo e a presença de transtornos psiquiátricos menores e relação inversa, fator de proteção para os sexualmente ativos 0,84 (IC 95% 0,71-0,99. CONCLUSÕES: Ser do sexo feminino, pertencer à classe social baixa, ter uma baixa escolaridade e ser filho de mãe com baixa escolaridade são fatores associados ao sedentarismo.

  6. Traumatismos raquimedulares penetrantes em adolescentes Traumatismos raquimedulares penetrantes en adolescentes Penetrating spinal cord injuries in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Campos Moraes Amato

    2009-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: analisar a conduta em uma série de adolescentes com traumatismos raquimedulares penetrantes (TRMp e, confrontando com a literatura, estabelecer a melhor estratégia terapêutica para esses pacientes. MÉTODOS: avaliação retrospectiva de prontuários médicos de dez pacientes, nove do sexo masculino e um do feminino, com TRMp e menores de 18 anos, tratados à nível hospitalar. Analisou-se a anamnese, o exame neurológico e os exames de imagem. A conduta terapêutica variou entre cirurgia ou conservador. RESULTADOS: a média de idade foi de 16 anos (13 a 18 anos. A mediana de hospitalização inicial foi de 11 dias (4 a 180 dias. Quatro pacientes foram submetidos à laminectomia, um ao desbridamento da lesão e os demais a tratamento conservador. Só um paciente, foi submetido à laminectomia, que migrou para Frankel E. Nenhum paciente apresentou infecção da ferida ou instabilidade tardia da coluna vertebral. CONCLUSÃO: as lesões medulares secundárias desempenham pouca importância no resultado neurológico, o que leva à definição clínica do quadro na admissão hospitalar da maioria dos casos. Houve uma nítida predominância de TRMp em adolescentes do sexo masculino. Não ocorreu diferença significativa entre as condutas realizadas em relação ao resultado neurológico, à infecção e instabilidade. O tratamento deve ser individualizado, não negligenciando o tratamento clínico e considerando a cirurgia apenas em casos específicos.OBJETIVO: analizar la conducta en una serie de adolescentes con traumatismos raquimedulares penetrantes (TRMp y confrontar con la literatura, además de establecer la mejor estrategia terapéutica para eses pacientes. MÉTODOS: evaluación retrospectiva de historias clínicas de diez pacientes, nueve masculinos y un femenino de TRMp menores de 18 años, tratados a nivel hospitalar. Se analizó la anamnesis, el examen neurológico y los exámenes de imagen. La conducta terapéutica vari

  7. Habilidades sociais: fator de proteção contra transtornos alimentares em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Laura Giron Uzunian

    2015-11-01

    Full Text Available Resumo O objetivo desse estudo foi revisar a literatura a cerca da relação entre transtornos alimentares e habilidades sociais em adolescentes. Pesquisou-se as bases de dados Medline, SciELO e Lilacs, cruzando os descritores “transtornos alimentares”, “anorexia nervosa”, “bulimia nervosa” e “comportamento alimentar”, com os descritores “psicologia social” e “isolamento social”, e com as palavras chave “competência social”, “habilidade social” e “relação interpessoal”. Incluiu-se estudos com adolescentes, nos idiomas português, inglês e espanhol, e publicações realizadas entre os anos de 2007 a 2012. A busca resultou em 63 artigos, sendo incluídos 50 nesta revisão. A maioria dos estudos foi conduzido no Brasil e nos Estados Unidos. Do total, 43 eram artigos originais. Os estudos visavam compreender como o estado emocional poderia influenciar no estabelecimento dos transtornos alimentares, assim como as relações interpessoais e a relação entre os pares. Os artigos também discutiram a influência da mídia e da sociedade neste processo. A partir da análise dos estudos, observou-se que quanto maior o repertório de habilidades sociais dos adolescentes, maior será o fator de proteção contra o desenvolvimento de transtornos alimentares.

  8. O que é comportamento de risco para transtornos alimentares em adolescentes?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Greisse Viero da Silva Leal

    2013-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Caracterizar comportamento de risco para transtornos alimentares (TA e sua frequência entre adolescentes em uma revisão da literatura nacional e internacional. MÉTODOS: Foi realizada uma busca bibliográfica por meio de uma revisão integrativa nas bases de dados PubMed (US National Library of Medicinee Lilacs e no portal SciELO,utilizando-se os descritores relacionados à "eating disorder risk behavior". Foram selecionados artigos publicados nos últimos 10 anos, nos idiomas português, espanhol e inglês, e especificamente com adolescentes. Foram avaliados 76 artigos e analisados a nomenclatura e os instrumentos utilizados para avaliar comportamento de risco para TA e sua prevalência. RESULTADOS: Encontrou-se uma série de termos para avaliar risco para TA. A metodologia mais utilizada foi a de questionários e escalas, destacando-se o EAT-26 ou 40 e o BITE, dentre os mais frequentes; a prevalência de risco variou de 0,24% a 58,4%. CONCLUSÃO: Diferentes nomenclaturas e instrumentos são utilizados para avaliar comportamento de risco para TA entre adolescentes, com grande amplitude nos resultados de prevalência. Maior padronização de termos e metodologia de avaliação permitiriam melhor comparação entre estudos epidemiológicos em diferentes localidades.

  9. O sentimento de vergonha em crianças e adolescentes com TDAH

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Amaral Fernandes

    2014-06-01

    Full Text Available O presente estudo teve como objetivo compreender o julgamento do sentimento de vergonha em situações de violação às regras em crianças e adolescentes com diagnóstico de Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH. As situações de violação às regras envolviam os pais, o professor e os pares. Participaram do estudo 20 crianças e adolescentes de ambos os sexos, com idades entre 11 e 14 anos que cursavam entre o 5º e 8º anos do Ensino Fundamental II de uma escola da rede particular de ensino e de uma instituição destinada ao diagnóstico e tratamento de crianças com queixa escolar. Os participantes foram subdivididos em dois grupos: Grupo 1 (G1 constituído por 10 crianças e adolescentes com diagnóstico de TDAH, apresentação predominantemente combinada, e o Grupo 2 (G2, formado por 10 crianças e adolescentes sem queixas comportamentais. O desenvolvimento moral e a compreensão do sentimento de vergonha foram investigados por meio de histórias hipotéticas. Em relação ao nível de desenvolvimento moral, os resultados apontaram que os participantes dos dois grupos encontram-se na autonomia moral ou em transição entre a heteronomia e autonomia, sem diferença entre eles, o que impossibilita a comparação desses dados e os voltados para a avaliação do sentimento de vergonha. Os resultados obtidos evidenciaram também diferenças entre os grupos no que se refere à compreensão do sentimento de vergonha em situações de violação às regras e também em relação aos envolvidos nas histórias (pais, professor e pares.

  10. Ser adolescente e ser pai/mãe: gravidez adolescente em uma amostra brasileira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eva Diniz Bensaja dei Schiro

    2013-09-01

    Full Text Available O estudo teve por objetivo investigar as características associadas à gravidez adolescente em uma amostra de adolescentes brasileiros de ambos os sexos. Estudo transversal (N = 226 com 64,2% dos participantes do sexo feminino. A média de idade dos participantes foi 18,86 anos (DP = 1,35. Os participantes responderam a um questionário que investigava aspetos como: (1 vida sexual; (2 sentimentos com relação à gravidez; (3 relações com escola; (4 trabalho; e (5 família. Não foram encontradas diferenças de sexo para idade de início da vida sexual nem para o número de gravidezes relatadas. Constatou-se, no entanto, que a gravidez gerou mais sentimentos de vergonha nas meninas (p < 0,01 e indicação de necessidade de buscar trabalho para os meninos (p < 0,001. Os meninos revelaram maior número de repetições de ano e de expulsões da escola em relação às meninas (p < 0,05. Esses resultados sugerem que gravidez adolescente toma diferentes significados para os adolescentes, em função do seu sexo.

  11. Violência sexual e sua prevalência em adolescentes de Porto Alegre, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Polanczyk Guilherme Vanoni

    2003-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a prevalência da exposição à violência sexual entre adolescentes estudantes de escolas estaduais. MÉTODOS: Foram selecionadas 52 escolas estaduais de Porto Alegre, RS, Brasil, com ensino fundamental completo, por meio de um processo de amostragem aleatória, estratificada de acordo com o tamanho das escolas. Foi selecionada, em cada escola, uma turma de oitava série por sorteio aleatório e foram incluídos todos os adolescentes presentes nas salas de aula que consentiram em participar do estudo. Foi utilizado o instrumento Triagem da Exposição de Crianças à Violência na Comunidade para identificar jovens que foram vítimas, testemunhas ou que conheciam vítimas de atos de violência sexual. RESULTADOS: Foram incluídos 1.193 adolescentes, representando 10,3% dos alunos matriculados na oitava série da rede estadual da cidade. Vinte e sete (2,3% adolescentes relataram ter sido vítimas de violência sexual, 54 (4,5% ter sido testemunhas de algum tipo de violência sexual e 332 (27,9% relataram conhecer alguém que tenha sido vítima de violência sexual. CONCLUSÕES: A exposição à violência sexual pelas três formas de contato relatadas mostrou-se freqüente entre os adolescentes estudados. São necessários estudos que abordem a violência sexual como um fenômeno social amplo, com múltiplos fatores associados, amparando estratégias comunitárias de prevenção e de tratamento.

  12. Insatisfação corporal em adolescentes rurais e urbanos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edio Luiz Petroski

    2009-12-01

    Full Text Available O objectivo do estudo foi identificar a prevalencia de insatisfacao com a imagem corporal em adolescentes domiciliados nas areas rurais e urbanas, e analisar a influencia das variaveis demograficas e antropometricas na insatisfacao com a imagem corporal. Participaram do estudo 629 adolescentes de 13 a 17 anos, de areas urbanas e rurais. Foram coletadas informacoes demograficas (sexo, idade, area de domicilio, antropometricas (massa corporal, estatura, espessura de dobras cutaneas e imagem corporal. O IMC (baixo peso: <18,5kg/m2; eutrofico: entre 18,5-25,0kg/m2; excesso de peso: >25kg/m2 e somatorio de espessura de duas dobras cutaneas . ƒ°2DC (baixo: <16mm; ideal: de 16-36mm; alto: >36mm para mocas; baixo: <12mm; ideal: de 12-25mm; alto: >25mm, para rapazes foram derivados subsequentemente. A prevalencia de insatisfacao com a imagem corporal foi similar (p.0,05 entre os adolescentes rurais (64,2% e urbanos (62,8%. Enquanto os rapazes desejavam aumentar a silhueta corporal (41,3%, as mocas, desejavam reduzir (50,5% (p<0,001. Os adolescentes com baixo peso e excesso de peso, pelo IMC, e aqueles com o ƒ°2DC alto, respectivamente, apresentaram 3,14, 8,45 e 2,08 vezes mais probabilidades de insatisfacao com a imagem. Elevada prevalencia de insatisfacao com a imagem corporal foi observada em adolescentes da area rural e urbana. A inadequacao do estado nutricional e a adiposidade corporal aumentam as probabilidades de insatisfacao com a imagem corporal. Esses achados enfatizam a pressao social sobre o sexo feminino de almejar a magreza, e o masculino de ressaltar o sobrepeso desejando um porte atletico.

  13. Creencias adolescentes sobre la violencia de género. Sexismo en las relaciones entre adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Zoraida de la Osa Escudero

    2013-12-01

    Full Text Available El presente trabajo indaga en las relaciones de pareja en la adolescencia, analizando las creencias de los y las adolescentes atendiendo al factor violencia de género desde una perspectiva cognitivo-evolutiva. La muestra está compuesta por 297 estudiantes con edades comprendidas entre los 13 y 18 años (2º ESO, 4º ESO y 2º Bachillerato de tres centros privados-concertados de Madrid. Analizamos sus representaciones de las relaciones de pareja desde el punto de vista de ambos géneros y su grado de acuerdo con la justificación de violencia. El estudio responde a un diseño transversal (cuasi-experimental con encuesta. El instrumento utilizado es una adaptación del Cuestionario de Actitudes hacia la Diversidad y la Violencia (CADV. Los resultados muestran una correspondencia parcial en la relación entre el desarrollo evolutivo-moral y el grado de justificación de diferentes situaciones en las que se presenta la violencia. De acuerdo con nuestros datos, el acuerdo con creencias sexistas y justificación de la violencia desciende según se avanza en la escolarización. Al mismo tiempo, obtenemos que es en el tramo de edad de quince a dieciséis años (4º ESO donde justifican más los estereotipos de género. Todo ello nos lleva a señalar la adolescencia media como curso diana en el que realizar una intervención psicoeducativa considerando los valores relacionados con la igualdad y el respeto entre los géneros

  14. Entre a frieza, o cálculo e a "vida loka": violência e sofrimento no trajeto de um adolescente em cumprimento de medida socioeducativa Between coldness, calculation and "crazy life": violence and suffering in an adolescent's trajectory while complying with a social-educational measure

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Artur Malvasi

    2011-03-01

    Full Text Available O conceito de sofrimento social caracteriza-se pela compreensão das situações de aflição e dor como experiências sociais e não como problemas individuais. Este trabalho analisa a natureza social e política do sofrimento de um adolescente em cumprimento de medida socioeducativa. Inspirado na abordagem de Veena Das, o artigo se apóia em "carne" e discurso para problematizar a relação entre cidadania e segmentos juvenis discriminados, que se manifesta nas ambiguidades das práticas institucionais presentes no fluxo de execução de medidas socioeducativas. O artigo analisa as contradições entre o objetivo institucional de evitar a reincidência de atos infracionais, auxiliando o adolescente a tornar-se um cidadão autônomo, e as narrativas e expressões corporais dos adolescentes durante o cumprimento das medidas. A trajetória aqui descrita leva ao reconhecimento de que o trânsito da medida de internação para as medidas em meio aberto se dá sob a tensão entre o discurso institucional de reorganizar a vida escolar, familiar e comunitária e a experiência cotidiana dos adolescentes, que segue marcada pela constante ameaça policial e pela privação de acessos a bens públicos. O cumprimento de medidas socioeducativas acaba por reforçar entre os adolescentes a aflição de serem socialmente tidos como suspeitos e fugitivos e, consequentemente, a incorporação de um lugar social particular, o de membro do "mundo do crime". O desempenho na vida cotidiana de um "estilo bandido" revela formas de resposta ao discurso dominante no sistema socioeducativo, contexto que indica o paradoxo do Estado brasileiro, que garante uma democracia formal enquanto viola direitos civis.The concept of social suffering is marked by the understanding of affliction and pain situations as social experiences, rather than psychological or medical individual problems. This paper analyses the social and political nature of an adolescent's suffering while he

  15. Associações entre auto-eficácia para atividades ocupacionais e interesses em adolescentes Associations between self-efficacy to occupational activities and interests in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maiana Farias Oliveira Nunes

    2011-01-01

    Full Text Available O objetivo desse estudo foi analisar a relação entre a auto-eficácia para atividades ocupacionais e suas fontes e interesses, construtos importantes no contexto da Orientação Profissional. Participaram da pesquisa 289 adolescentes, do estado de São Paulo, que responderam a Escala de Auto-eficácia para Atividades Ocupacionais-EAAOc e o Self-Directed Search e 107 alunos que responderam a EAAOc e a Escala de Aconselhamento Profissional. Houve correlações significativas entre auto-eficácia e interesses (r entre - 0,25 e 0,27. A auto-eficácia Realista e Social, juntamente com a variável sexo, apresentou capacidade preditiva significativa para os respectivos tipos de interesses. É discutida a coerência da associação entre os tipos de auto-eficácia para atividades ocupacionais e os respectivos tipos de interesses.The aim of this study was to analyze the association between self-efficacy for occupational activities and its sources and interest, which are important constructs for Vocational Guidance. Two hundred eighty nine adolescents answered the Self-efficacy Scale for Occupational Activities (SSOA and the Self-Directed Search, and 107 answered the SSOA and the Professional Counseling Scale. All participants lived in São Paulo at the moment of the survey. There were significant correlations between self-efficacy and interests (r ranging from -0.25 to 0.27. Realistic and Social self-efficacy combined with gender showed a significant predictive power to their respective types of interest. We discussed the coherence between self-efficacy for occupational activities and their respective interests.

  16. Promoção da saúde em doenças transmissíveis: uma investigação entre adolescentes Promoción de la salud en enfermedades transmisibles: una investigación en adolescentes Health promotion in transmissible diseases: an investigation among teenagers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eveline Pinheiro Beserra

    2006-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Relatar uma experiência de promoção da saúde no contexto das doenças transmissíveis com adolescentes. MÉTODOS: Utilizou-se a dialógica freireana: círculo de cultura, constituído por cinco oficinas de Promoção da Saúde com adolescentes da faixa etária de 13 a 16 anos numa escola de Fortaleza-CE. RESULTADOS: Foi identificado que os adolescentes tinham pouco conhecimento sobre os meios de prevenção das doenças transmitíveis (DT e de sobremodo das doenças sexualmente transmissíveis (DST. Ao final do círculo de cultura, os jovens referiram mudança de comportamento. CONCLUSÃO: A prática de educação em saúde orientada pelo círculo de cultura possibilitou apreender aspectos culturais relacionados às DT/DST e dinamizar o processo educativo repercutindo em mudanças de comportamento dos adolescentes sobre a prevenção dessas doenças.OBJETIVO: Relatar una experiencia de promoción de la salud con adolescentes, en el contexto de las enfermedades transmisibles. MÉTODOS: Se utilizó la dialógica freireana: círculo de cultura, constituido por cinco talleres de Promoción de la Salud realizado con adolescentes del grupo etáreo de trece a dieciséis años en una escuela de Fortaleza-CE. RESULTADOS: Fue identificado que los adolescentes tenían poco conocimiento sobre los medios de prevención de las infermidades transmisibles (DT, específicamente de las enfermedades sexualmente transmisibles. Al final del círculo de cultura, los jóvenes refirieron cambio de comportamiento. CONCLUSIÓN: La práctica de educación en salud orientada por el círculo de cultura hizo posible el aprendizaje de aspectos culturales relacionados a lasinfermidades transmisibles/ enfermidades sexualmente transmisibles y dinamizar el proceso educativo repercutiendo en cambios de comportamiento de los adolescentes sobre la prevención de esas enfermedades.OBJECTIVE: To describe an experience to promote health and prevent transmissible diseases

  17. Violencia sexual entre compañeros y violencia en parejas adolescentes

    OpenAIRE

    Ortega Ruiz, Rosario; Ortega Rivera, Francisco Javier; Sánchez Jiménez, Virginia

    2008-01-01

    El presente estudio ha analizado la presencia de violencia sexual entre compañeros y en las parejas adolescentes y jóvenes. Específicamente se han estudiado las diferencias por sexo, edad y estadio de la relación sentimental tanto en violencia sexual entre iguales como en las parejas, en una muestra de 490 adolescentes (55,7% chicos, 44,3% chicas, edad media 16.08 años). Los resultados descriptivos mostraron la misma incidencia de violencia sexual entre iguales y en las pa...

  18. Adolescentes em Atendimento Socioeducativo e Escolarização: Desafios Apontados por Orientadores Educacionais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raíssa Costa Faria de Farias Seabra

    Full Text Available Resumo O adolescente em cumprimento de medida socioeducativa em regime aberto possui o direito de frequentar a escola, que deve afetar positivamente sua formação global e desenvolvimento psicológico. Entretanto, a inserção e permanência desses adolescentes no ambiente escolar se mostram desafiadoras. Trata-se aqui de pesquisa exploratória que teve por objetivo o levantamento das estratégias pedagógicas adotadas para promover a inclusão e o sucesso acadêmico desses jovens, em quatro escolas do Distrito Federal. Participaram do estudo cinco orientadoras educacionais. As informações foram obtidas a partir de entrevistas semiestruturadas, e analisadas qualitativamente segundo sistema aberto de categorização. Os resultados apontaram dificuldades e possibilidades: a insuficiência de estratégias pedagógicas que atendam às especificidades destes alunos; precária interlocução entre atores do atendimento socioeducativo e a escola; motivação para o efetivo acompanhamento pedagógico dos adolescentes nas escolas; compreensão de que o ambiente escolar deve possibilitar o desenvolvimento integral dos estudantes.

  19. Consumo de alcohol y autoestima en adolescentes Consumo de álcool e autoestima em adolescentes Alcohol consumption and self esteem in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alicia Álvarez Aguirre

    2010-06-01

    Full Text Available La presente investigación tuvo como objetivo analizar la relación entre el nivel de autoestima y el consumo de alcohol en los adolescentes, a través de la realización de un estudio descriptivo transversal, en una facultad de enfermería en la ciudad de Querétaro, en México, en el mes de julio de 2008, en una muestra de 109 adolescentes, entre 17 y 20 años. Para la obtención de los datos fueron aplicados dos instrumentos: AUDIT y Cuestionario de autoestima de Rosemberg. La mayoría de los adolescentes participantes tuvieron la autoestima elevada (94.5%, ninguno presentó autoestima baja. El 80.7% de los adolescentes del estudio no tiene riesgo de consumo de alcohol. Se concluye que la mayoría de los adolescentes presentaron una elevada autoestima y tuvieron riesgo bajo de consumo de alcohol. Por lo que se sugiere implementar programas preventivos con respecto al consumo de alcohol y factores protectores a fin de que los adolescentes continúen con un estilo de vida saludable.O presente estudo teve como objetivo analisar a relação entre o nível de autoestima e o consumo de álcool em adolescentes, através da realização de estudo descritivo transversal, em uma faculdade de enfermagem de Queretaro, México, no mês de julho de 2008, com amostra de 109 adolescentes, entre 17 e 20 anos. Para obtenção dos dados, foram aplicados dois instrumentos, o AUDIT e o questionário de autoestima de Rosemberg. A maioría dos adolescentes participantes tinha autoestima elevada (94,5%, nenhum apresentou baixa autoestima. Nesta amostra, 80,7% dos adolescentes não possui risco para consumo de álcool. Conclui-se que os adolescentes apresentaram elevada autoestima e baixo risco para o consumo de álcool. Portanto, é necessário implementar programas preventivos relacionados ao consumo de álcool e identificar os fatores protetores para garantir a manutenção de hábitos saudáveis pelos adolescentes.The aim of this study was to analyze the

  20. Problemas escolares e o consumo de álcool e outras drogas entre adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Roberta Donola Cardoso

    Full Text Available A relação entre problemas escolares e o uso de álcool, tabaco e drogas ilícitas em 965 adolescentes dos municípios de Jacareí e Diadema (SP foi avaliada pelo instrumento de autopreenchimento Drug Use Screening Inventory. Este instrumento avalia o consumo de drogas e problemas a ele relacionados. O uso de substâncias foi associado a repetências, falta de concentração, notas baixas, desejo de abandonar a escola, sentir-se entediado no ambiente escolar, não fazer os deveres, faltar/chegar atrasado e prejuízos acadêmicos decorrentes do uso de drogas. A combinação do uso de álcool e tabaco foi associada a mais problemas escolares do que os encontrados em usuários exclusivos de álcool. Os problemas associados a esta combinação foram semelhantes aos observados em usuários de drogas ilícitas. Gostar da escola foi um fator protetor contra o uso de substâncias. Os resultados mostram a importância de se atentar para o relato de consumo das drogas lícitas combinadas.

  1. Drogadição e atos infracionais na voz do adolescente em conflito com a lei

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandra Eni Fernandes Nunes Pereira

    Full Text Available Por meio das abordagens sistêmica e psicossocial, o presente estudo tem como objetivo descrever e discutir a relação entre os níveis de dependência relacional das drogas e a prática de atos infracionais entre os jovens, na perspectiva do adolescente em conflito com a lei. As informações foram coletadas por entrevistas semi-estruturadas, aplicadas em 29 adolescentes, autores de infração, da Vara da Infância e Juventude de Brasília. O método de análise refere-se à análise de conteúdo do tipo construtivo-interpretativo. Os resultados apontam várias conexões entre os níveis de dependência relacional das drogas (efeitos, crenças, relações afetivas, pares, provedores, fornecedores e a prática de infrações. Os diferentes níveis de dependência identificados na voz dos adolescentes mostram a multiplicidade e complexidade das relações entre a drogadição e a prática de atos infracionais entre jovens e, portanto, a necessidade de um trabalho de intervenção em rede.

  2. Diferenças entre adolescentes do sexo feminino e masculino na vulnerabilidade individual ao HIV

    OpenAIRE

    Anjos, Renata Holanda Dutra dos; Silva, José Augusto de Souza; Val, Luciane Ferreira do; Rincon, Laura Alarcon; Nichiata, Lucia Yasuko Izumi

    2012-01-01

    O objetivo deste estudo foi analisar comparativamente a vulnerabilidade ao HIV/AIDS de homens e mulheres adolescentes, baseada em seus conhecimentos, valores e práticas. Trata-se de um estudo exploratório-descritivo com abordagem quantitativa. Os estudantes responderam a um questionário do qual foram selecionadas questões relevantes para análise. Totalizaram 207 adolescentes, sendo 43,5% do sexo masculino e 56,5% do feminino. A maior parte dos adolescentes declara já ter tido sua primeira rel...

  3. El uso de videojuegos activos entre los adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vicente Javier Beltrán Carrillo

    2012-01-01

    Full Text Available En este artículo se analiza el uso de videojuegos activos por parte de una muestra de 570 adolescentes de 4º de ESO. Los datos, recopilados a través de un cuestionario de autoinforme, indican que el 86,7% de los adolescentes ha jugado alguna vez a videojuegos activos, el 53,2% posee en sus hogares las tecnologías necesarias para jugar a este tipo de videojuegos, pero sólo el 7,2% juega habitualmente. Las pruebas de Chicuadrado señalaron que es superior el porcentaje de chicos y adolescentes autóctonos que ha jugado alguna vez a videojuegos activos respecto al de chicas y adolescentes inmigrantes. Estas tecnologías están menos presentes en los hogares del alumnado inmigrante, aunque no existieron diferencias según sexo y nacionalidad en los altos porcentajes de adolescentes que no juegan habitualmente a videojuegos activos. Estudios como el presente son de interés para conocer el grado de adherencia de los adolescentes a un ocio digital de última generación que representa una alternativa de práctica física en una sociedad sedentaria y tecnológica.

  4. ACTITUDES HACIA LA COMUNICACIÓN SEXUAL ENTRE PADRES/MADRES Y ADOLESCENTES EN PUERTO RICO*

    Science.gov (United States)

    Fernández, Ana Michelle; McFarlane, Melvin Negrón; González, Ricardo; Díaz, Leslie; Betancourt-Díaz, Elba; Cintrón-Bou, Francheska; Varas-Díaz, Nelson; Villarruel, Antonia

    2017-01-01

    RESUMEN La comunicación sobre sexualidad entre padres/madres y adolescentes enfrenta dificultades particulares producto de factores socioculturales. Este estudio tuvo como objetivo documentar las actitudes de padres/madres y adolescentes hacia la comunicación sobre temas de sexualidad. Los resultados emanan de la medición inicial del Proyecto Cuídalos. Los datos de este estudio forman parte de un estudio amplio que evaluó un módulo interactivo basado en la web para mejorar comunicación sobre temas de salud entre padres/madres y adolescentes entre 13–17 años. En este artículo, reportamos datos basales que contestaron los/as participantes sobre comodidad al hablar sobre temas de salud sexual. La muestra, de los datos aquí expuestos, estuvo compuesta por 458 diadas de madres/padres y sus hijos/as adolescentes (n=916). Se realizó análisis de frecuencias y medidas de tendencia central con los datos obtenidos inicialmente. La edad promedio de los adolescentes fue de 15 años, de los que un 15% se encontraban activos sexualmente. Los/as adolescentes tienen mejor disposición que los/as padres/madres para hablar sobre sexualidad. Sin embargo, los/as padres/madres entienden que comparten suficiente información sobre temas relacionados a la sexualidad. Los/as padres/madres y adolescentes reportaron algún grado de dificultad e incomodidad al hablar sobre métodos específicos de prevención. Los resultados destacan la necesidad de incorporar a los/as padres/madres en intervenciones con adolescentes sobre temas de salud sexual. En Puerto Rico es necesario desarrollar programas dirigidos a minimizar las conductas sexuales de alto riesgo en jóvenes. PMID:28736599

  5. Relación entre funcionalidad familiar y las estrategias de afrontamiento utilizadas por adolescentes embarazadas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gloria Esperanza Zambrano Plata

    2012-12-01

    Full Text Available Objetivo: determinar la relación que existe entre la funcionalidad familiar y las estrategias de afrontamiento utilizadas por las adolescentes embarazadas usuarias de tres Instituciones Prestadoras de Salud (IPS pertenecientes a la Empresa Social del Estado Imsalud en el primer semestre de 2011. Materiales y Métodos: se realizó un estudio con enfoque cuantitativo, de tipo descriptivo correlacional y probabilístico, la muestra conformada por 150 adolescentes inscritas en el Programa de Atención a la Adolescente Gestante. Resultados: se destacó que la mayoría de adolescentes embarazadas se encontraban en el rango de edad de 17-19 años con un promedio de 18 años, la menarquía se presentó principalmente a edades tempranas cuando las adolescentes tenían 12 años; y la edad de inicio de las relaciones sexuales fue a los 16 años. En el sistema familiar de las adolescentes embarazadas se encontró que un gran porcentaje del total de participantes, tienen un sistema familiar disfuncional (54% y en menor medida tienen sistema familiar funcional correspondiente al 46%. Conclusiones: respecto a la funcionalidad familiar y las estrategias de afrontamiento se encontró asociación directa y positiva entre estas variables demostrándose que a mayor nivel de funcionalidad familiar se utilizaran estrategias más productivas y viceversa.

  6. A autoestima afeta a insatisfação corporal em adolescentes do sexo feminino?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo de Sousa Fortes

    2014-09-01

    Full Text Available Objetivo: O objetivo do estudo foi avaliar a influência da autoestima na insatisfação corporal de adolescentes do sexo feminino. Métodos: Participaram 397 adolescentes com idade entre 12 e 17 anos. Utilizou-se o Body Shape Questionnaire (BSQ para avaliar a insatisfação corporal. A Escala de Autoestima de Rosemberg foi utilizada para avaliar a autoestima. Foram mensurados peso corporal, estatura e dobras cutâneas. Esses dados antropométricos foram controlados nas análises estatísticas. Resultados: O modelo de regressão múltipla indicou influência das subescalas "autoestima positiva" (R2=0,16; p=0,001 e "autoestima negativa" (R2=0,23; p=0,001 nos escores do BSQ. A análise univariada de covariância demonstrou diferenças nos escores do BSQ (p=0,001 em razão dos grupos de autoestima. Conclusão: Concluiu-se que a autoestima influenciou a insatisfação corporal em meninas adolescentes de Juiz de Fora/MG.

  7. ESTIGMA Y VIH/SIDA ENTRE PADRES/MADRES Y ADOLESCENTES PUERTORRIQUEÑOS/AS

    Science.gov (United States)

    Pérez, Grace Rosado; Reyes, Glendalys Rivera; Villanueva, Victoria Larrieux; Torres, Gilliam J. Torres; Díaz, Elba Betancourt; Varas-Díaz, Nelson; Villaruel, Antonia

    2016-01-01

    La comunicación entre padres/madres y adolescentes sobre el tema de la sexualidad es importante para el desarrollo de la salud de personas jóvenes. Dicha comunicación puede verse negativamente impactada por actitudes estigmatizantes hacia el tema del VIH/SIDA. El objetivo de este estudio fue identificar actitudes estigmatizantes hacia el VIH/SIDA entre padres/madres y adolescentes puertorriqueños/as. Este esfuerzo es parte del Proyecto Cuídalos, dirigido a probar una intervención en formato electrónico que busca aumentar la comunicación sobre sexualidad y salud entre padres/madres y adolescentes mediante un diseño experimental con 458 diadas de padres/madres y adolescentes de 13 a 17 años. Para propósitos de este artículo reportamos estadísticas descriptivas sobre estigma hacia el VIH/SIDA con la información recopilada en la medición basal. Tanto adultos/as como adolescentes mostraron actitudes estigmatizantes hacia el VIH/SIDA. A la luz de los resultados es necesario continuar desarrollando intervenciones para la reducción de estigma en esta población. Los/as padres/madres pueden ser un recurso invaluable para reducir el estigma en los/as jóvenes, y prevenir conductas sexuales de riesgo e infecciones. PMID:27099649

  8. Epidemiologia da alergia ocular e comorbidades em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos Geraldini

    2013-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: A prevalência de conjuntivite alérgica (CA não foi estabelecida. Estimativas sugerem que alergias oculares afetam de 15 a 20% da população mundial, ainda que a maioria dos estudos epidemiológicos abranjam sintomas de alergia nasal e ocular e não sejam específicos a respeito da CA. O objetivo deste estudo foi verificar a prevalência de sintomas, comorbidades e o impacto da alergia ocular em adolescentes. MÉTODOS: Os adolescentes foram selecionados de uma amostra de escolas e preencheram, em sala de aula, um questionário previamente validado sobre os sintomas da CA. O seu diagnóstico foi considerado quando mais de três episódios de prurido ocular foram relatados nos últimos 12 meses. Sintomas relacionados, como lacrimejamento, fotofobia, sensação de corpo estranho, impacto sobre as atividades diárias e diagnóstico de conjuntivite alérgica, foram analisados. RESULTADOS: Foram obtidos questionários de 3.120 adolescentes (média de 13,3±1,1 ano. Nos últimos 12 meses, 1.592 (51% adolescentes tiveram prurido ocular. O sintoma relacionado mais frequente foi lacrimejamento (74%, seguido de fotofobia (50,1% e sensação de corpo estranho (37,1%. A prevalência de conjuntivite alérgica foi de 20,7%, afetando mais pessoas do sexo feminino do que do masculino (56,1% em comparação a 45,9%; p = 0,01. O risco de um adolescente com alergia ocular apresentar asma, rinite e eczema atópico foi (RC = 5,7; IC de 95%: 4,5 a 7,1; (RC = 3,6; IC de 95%: 3,0 a 4,3 e (RC = 2,6; IC de 95%: 2,0 a 3,5, respectivamente. Uma interferência grave nas atividades diárias foi relatada por 30,5%. CONCLUSÕES: Sintomas de alergia ocular são comuns, frequentemente relacionados a outras doenças alérgicas, e causam impacto sobre as atividades diárias de adolescentes.

  9. Significações sobre Adolescência e Saúde entre Participantes de um Grupo Educativo de Adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Etiene Oliveira Silva Macedo

    Full Text Available Resumo As ações voltadas à saúde integral dos adolescentes por vezes assumem um caráter moral e regulador sem levar em conta as visões dos próprios adolescentes sobre seu desenvolvimento. O objetivo foi compreender as significações sobre adolescência e saúde, na perspectiva de 10 adolescentes de ambos os sexos, entre 13 e 19 anos de um programa de atenção integral à saúde do DF. Foram realizados seis grupos temáticos, com periodicidade quinzenal e duração de duas horas por encontro. A metodologia grupal foi baseada no método sociodramático que facilitou a participação, reflexão e compreensão dos temas abordados pelos participantes. A Epistemologia Qualitativa foi adotada para a análise das informações e possibilitou a construção de indicadores de saúde na adolescência, a partir de cinco zonas de sentido: Adolescência é mais do que sexo, drogas erock and roll; Porque a família tem que adolescer com a gente; O projeto de vida começa agora, agora?; Em busca de um ideal de saúde; e Porque sexualidade, antes de tudo, se expressa. Conclui-se que é necessário superar a visão estereotipada da adolescência pelo paradigma do risco e ampliar a reflexão sobre os modos de vida do adolescente considerando os contextos para o desenvolvimento de sua subjetividade.

  10. Intergeracionalidade das Habilidades Sociais entre Pais e Filhos Adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camila Negreiros Comodo

    2017-10-01

    Full Text Available RESUMO Pesquisas sobre genitores e filhos têm apontado resultados no sentido da transmissão intergeracional de comportamentos. Considerando que as habilidades sociais são vistas como um fator de proteção para adolescentes, o presente estudo teve por objetivo identificar a possível transmissão do repertório de habilidades sociais de pais e mães para filhos adolescentes. Uma amostra de 142 adolescentes e seus genitores foi avaliada por meio dos inventários IHS-Del-Prette e IHSA-Del-Prette, procedendo-se às análises estatísticas. Os resultados encontrados sugeriram a transmissão de assertividade, empatia, abordagem afetiva e desenvoltura social, a depender do sexo dos genitores e dos filhos, assim como da idade dos adolescentes. Foram discutidas a importância do repertório elaborado de habilidades sociais nos genitores e as implicações dos resultados encontrados.

  11. Prevalência e características da violência no namoro entre adolescentes escolares de Portugal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Aparecida Beserra

    2016-03-01

    Full Text Available Resumo Objetivos: Identificar a prevalência de violência no namoro entre adolescentes e discutir a associação entre os comportamentos de violência e as variáveis: idade, sexo e tempo de namoro. Métodos: Estudo transversal epidemiológico. A amostra foi constituída por 1.268 estudantes de ambos os sexos, idades entre 16 e 24 anos, de escolas secundárias de quatro distritos da Região Central de Portugal. Na coleta de dados, foi utilizado um questionário contendo dados sociodemográficos e de comportamentos de vitimização e perpetração de violência no namoro. Resultados: 5,9% do total dos adolescentes referiram envolvimento em situação de violência no namoro. Ambos os sexos relataram uso de violência física. Na violência psicológica, o sexo masculino é o maior perpetrador e vítima. Conclusão: Os resultados apresentaram, em alguns comportamentos, similaridade do padrão de violência entre os sexos, tais como: puxar os cabelos com força; dar uma bofetada; apertar o pescoço; atirar objetos em outra pessoa; dar pontapés e cabeçadas e dar empurrões violentos, indicando, portanto, que mais pesquisas são necessárias para entender que fatores influenciam as diferenças e similaridades desse evento.

  12. Vivendo em contexto de violência: o caso de um adolescente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lordelo Lia da Rocha

    2002-01-01

    Full Text Available Este trabalho integra um estudo longitudinal, explorando nexos entre uma história marcada cotidianamente pela violência doméstica e urbana e a construção social de uma cultura pessoal em um adolescente de 14 anos, o segundo dos três filhos de uma família matrifocal. Apoiou-se em entrevistas semi-estruturadas realizadas em diferentes períodos do estudo. Na análise, caracteriza-se um processo de construção social do envolvimento com a violência (na condição de vítima e de agressor, destacando-se o contexto sociocultural imediato, estruturado por situações adversas como pobreza, conflitos intra-familiares e sociais e, especificamente, violência, todos estes formando o que se poderia chamar de ecologia propiciadora de atos violentos.

  13. reproductiva entre los adolescentes de Oaxaca de Juárez

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Matthew C. Gutmann

    2005-01-01

    Full Text Available El presente trabajo explora la salud sexual adolescente en Oaxaca. Basado en un trabajo de campo etnográfico que se ha venido realizando desde el año 2001 sobre las sexualidades adolescentes, examina los sentidos de la iniciación sexual, las creencias tanto populares como biomédicas asociadas con la distinción entre sexualidades masculinas y femeninas, la naturalización de la sexualidad adolescente varonil en general y las implicaciones para la prevención y tratamiento del sida y otras infecciones transmitidas sexualmente. En particular, en este ensayo se comparan, por un lado, los discursos medicalizados relacionados a las nociones de la modernidad y la sexualidad y, por el otro, las ideas tan difundidas de las particularidades culturales de los varones adolescentes en México y en regiones específicas de Oaxaca. Los y las jóvenes en Oaxaca nacen dentro de sistemas ya establecidos de salud reproductiva, cortejo y sexualidades. Estos adolescentes entienden que sus sexualidades están limitadas por factores materiales y culturales e, incluso, por los discursos modernos sobre la sexualidad y las ideas falsas sobre los continuos viriles que establecen que los deseos y comportamientos sexuales son, naturalmente, diferentes entre los varones y las mujeres.

  14. Prevalência e fatores associados a porte de arma e envolvimento em agressão física entre adolescentes de 15 a 18 anos: estudo de base populacional Prevalence of weapons possession and associated factors and involvement in physical aggression among adolescents 15 to 18 years of age: a population-based study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Azevedo da Silva

    2009-12-01

    Full Text Available Objetivo do estudo foi avaliar a prevalência e fatores associados a porte de arma e envolvimento em agressão física entre adolescentes de 15 a 18 anos na cidade de Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil. Estudo transversal de base populacional com uma amostra representativa de 960 adolescentes entre 15 e 18 anos, residentes na cidade de Pelotas. Sortearam-se, aleatoriamente, 90 setores censitários a partir dos 448 da cidade, e foram visitados 86 domicílios de cada setor. Para análise estatística utilizou-se a regressão de Poisson. A prevalência dos comportamentos estudados na presente amostra foi de 22,8% para participação em brigas com agressão física e 9,6% para porte de armas nos últimos 12 meses. Conclui-se que jovens do sexo masculino que utilizam álcool e/ou drogas ilícitas e apresentam transtornos psiquiátricos menores mostraram maior probabilidade de portar armas e de envolverem-se em brigas com agressão física.This cross-sectional, population-based study aimed to evaluate the prevalence of weapons possession and associated factors and involvement in physical aggression among adolescents 15 to 18 years of age (n = 960 in the city of Pelotas, Rio Grande do Sul State, Brazil. Ninety of the city's 448 census tracts were selected, and 86 houses in each tract were visited. The statistical analysis used Poisson regression. Prevalence rates in the sample were 22.8% for involvement in fights with physical aggression and 9.6% for weapons possession in the previous 12 months. The study concluded that young males that use alcohol and/or illegal drugs and present minor psychiatric disorders show a higher probability of weapons possession and involvement in physical fights.

  15. Associação entre o estado nutricional antropométrico e a situação sócio-econômica de adolescentes em Niterói, Rio de Janeiro, Brasil Association between anthropometric nutritional status and socioeconomic conditions among adolescents in Niterói, Rio de Janeiro State, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabio da Silva Gomes

    2009-11-01

    Full Text Available Investigou-se a relação entre o estado nutricional e a situação sócio-econômica familiar de adolescentes moradores de Niterói, Rio de Janeiro, Brasil. Os dados de 523 adolescentes, pertencentes a uma amostra probabilística de 1.734 domicílios, foram coletados entre janeiro e dezembro de 2003 e representam os 71.922 jovens residentes em Niterói. As análises incluíram a estimação de intervalos de confiança de razões de prevalência e testes de distribuições proporcionais e de independência entre classes de estado nutricional e classes de renda familiar per capita e as faixas de número de moradores do domicílio. Foi encontrada uma associação positiva significativa entre baixo peso/magreza e o número de moradores do domicílio (sexo masculino: p This study focused on the relationship between nutritional and socioeconomic status among adolescents in Niterói, Rio de Janeiro State, Brazil. Data from 523 adolescents living in 1,734 households were collected from January to December 2003, from a total of 71,922 adolescents living in Niterói. Subjects were selected through a probabilistic household sample. The analyses included the estimation of confidence intervals for prevalence ratios and proportional distributions and independence tests between categories of nutritional status and per capita family income and number of residents per household. There was a significant positive association between underweight/thinness and number of residents in the same household (male: p < 0.05; female: p < 0.001. Number of residents in the same household was positively associated with prevalence of underweight/thinness in adolescents. Overweight/obesity was positively associated with per capita family income.

  16. Ciberagresión entre adolescentes: prevalencia y diferencias de género

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    2017-01-01

    Full Text Available El presente trabajo tiene como objetivos analizar la prevalencia de la ciberagresión y la cibervictimización entre adolescentes en Asturias (España e identificar posibles diferencias de género. Para ello, fueron evaluados 3.175 adolescentes, de 12 a 18 años, seleccionados aleatoriamente de entre la población de estudiantes de Educación Secundaria Obligatoria de Asturias. Se aplicaron tres autoinformes: un cuestionario «ad hoc» sobre datos sociodemográficos y manejo de tecnologías de comunicación; el «Cuestionario de Ciberagresión para Adolescentes» (CYBA, para evaluar con qué frecuencia el adolescente evaluado reconoce haber ejercido diferentes conductas de ciberagresión durante los últimos tres meses; y el «Cuestionario de Cibervictimización para adolescentes» (CYVIC, para evaluar con qué frecuencia el adolescente reconoce haber sido víctima de diferentes tipos de ciberagresión en los últimos tres meses. Los resultados obtenidos muestran una prevalencia muy variable en función del tipo de ciberagresión o cibervictimización analizado. La ciberagresión verbal y la exclusión online son más habituales que la suplantación y la ciberagresión visual. Por lo general, no existen diferencias estadísticamente significativas entre chicos y chicas. En los casos en que existen, la tendencia general es que los chicos son más agresores que las chicas y las chicas más víctimas que los chicos, si bien las diferencias son pequeñas o muy pequeñas. Se discuten las implicaciones de estos resultados para la investigación futura y el tratamiento educativo del problema.

  17. Factores predictores del consumo de tabaco entre adolescentes del Colegio Universitario Santiago de Cali, 2005

    OpenAIRE

    Yamileth Ortiz-Gómez; Jorge Martín Rodríguez-Hernández

    2009-01-01

    Objetivos: Identificar los factores predictores del consumo de tabaco entre los adolescentes del Colegio Santiago de Cali. Materiales y métodos: Estudio transversal con una muestra de 286 adolescentes matriculados y activos de grado 6 a 9 en el año lectivo 2005. A partir de la prevalencia del consumo de tabaco, se estimaron diferencias para las variables independientes con Ji2 y valores P. Los factores predictores fueron establecidos con un modelo logístico no condicional, previa evaluación d...

  18. Literacia em saude mental de adolescentes e jovens portugueses sobre abuso de alcool

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis Manuel de Jesus Loureiro

    2013-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Caracterizar a literacia em saúde mental de adolescentes e jovens relativamente ao consumo abusivo de álcool, nas diversas componentes do conceito de literacia. MÉTODOS: Estudo descritivo-exploratório, em que foi aplicado o QuALiSMental a uma amostra representativa de 4.938 adolescentes e jovens, com idades compreendidas entre os 14 e os 24 anos, que frequentam escolas do 3º ciclo do ensino básico e do ensino secundário da região centro de Portugal. RESULTADOS: O reconhecimento da vinheta do consumo abusivo de álcool pelos participantes é elevado (72,4%, ainda que seja também identificado como alcoolismo (70,3%, o que no entanto indica a percepção do problema como grave. Os participantes apresentam níveis modestos de literacia nas restantes componentes, preferindo as fontes informais de ajuda. CONCLUSÃO: Conclui-se que há necessidade de implementação de programas nas escolas que promovam a literacia em saúde mental, para adoção de comportamentos saudáveis nos jovens, que os transferem para a idade adulta.

  19. Ideações e tentativas de suicídio em adolescentes com práticas sexuais hetero e homoeróticas

    OpenAIRE

    Teixeira-Filho,Fernando Silva; Rondini,Carina Alexandra

    2012-01-01

    Esta pesquisa, que teve como população-alvo adolescentes com idade entre 12 e 20 anos, residentes em três municípios do interior Paulista, buscou conhecer as associações entre orientação sexual e ideações e tentativas de suicídio. Corroborando com as pesquisas internacionais, evidenciou-se que os não heterossexuais têm mais chances de pensarem e tentarem suicídio, comparativamente aos heterossexuais. Todavia, encontrou-se que, dentre o grupo de adolescentes que se assumiram não heterossexuais...

  20. Inadequação do consumo de nutrientes entre adolescentes brasileiros Consumo inadecuado de nutrientes entre adolescentes brasileños Inadequate nutrient intake in Brazilian adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosely Sichieri

    2013-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estimar o consumo de energia e nutrientes e a prevalência de inadequação da ingestão de micronutrientes entre adolescentes brasileiros. MÉTODOS: Amostra probabilística composta por 6.797 adolescentes (49,7% do sexo feminino entre dez e 18 anos de idade foi avaliada no Inquérito Nacional de Alimentação, 2008-2009. Os fatores de expansão, a complexidade do desenho da amostra e a correção da variabilidade intrapessoal do consumo foram considerados. A prevalência de inadequação de consumo de micronutrientes foi estimada pela proporção de adolescentes com ingestão abaixo da necessidade média estimada. Para o sódio, estimou-se a prevalência de consumo acima do valor de ingestão máxima tolerável. RESULTADOS: A média de consumo de energia variou de 1.869 kcal, observada nas adolescentes de 10 a 13 anos, a 2.198 kcal, estimada para os adolescentes de 14 a 18 anos. Os carboidratos forneceram 57% da energia total, os lipídios, 27% e as proteínas, 16%. As maiores prevalências de inadequação foram observadas para cálcio (> 95%, fósforo (entre 54% e 69% e vitaminas A (entre 66% e 85%, E (100% e C (entre 27% e 49%. Mais de 70% dos adolescentes apresentaram consumo de sódio superior à ingestão máxima tolerável. CONCLUSÕES: As médias de consumo energético e a distribuição de macronutrientes eram adequadas, mas foram observadas elevadas prevalências de inadequação no consumo de vitaminas e minerais, destacando-se consumo de sódio muito acima do recomendado, consumo de cálcio reduzido e nas adolescentes de 14 a 18 anos foi observada importante inadequação na ingestão de ferro.OBJETIVO: Estimar el consumo de energía y nutrientes y la prevalencia de ingestión inadecuada de micronutrientes entre adolescentes brasileños. MÉTODOS: La muestra probabilística compuesta por 6.797 adolescentes (49,7% del sexo femenino entre diez y 18 años de edad fue evaluada en la Pesquisa Nacional de Alimentación, 2008

  1. Fatores associados à obesidade em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fonseca Vania de Matos

    1998-01-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A obesidade na adolescência é um fator preditivo da obesidade no adulto. Assim, foram avaliados os fatores associados à obesidade e o uso do índice de massa morporal (IMC. MÉTODO: Foram avaliados 391 estudantes aferindo-se: consumo de alimentos, hábitos alimentares, características antropométricas dos pais e atividade física. O IMC foi a variável dependente utilizada na regressão linear multivariada. RESULTADOS: A prevalência de sobrepeso foi 23,9% para meninos e 7,2% para meninas. Fazer dieta para emagrecer foi 7 vezes mais freqüente entre meninas do que entre meninos com sobrepeso. Nos meninos, idade, uso de dieta, omissão de desjejum, horas de televisão/"vídeo-game" e obesidade familiar apresentaram associação positiva e significante com IMC. Nas meninas, associaram-se positivamente: uso de dieta, omissão de desjejum e obesidade familiar e negativamente idade da menarca. A correlação do IMC com medidas antropométricas foi maior que 0,7. CONCLUSÕES: Um padrão estético de magreza parece predominar entre meninas e elas o atingem com hábitos e consumo alimentar inadequados.

  2. Fatores que influenciam a prevalência de sobrepeso e obesidade em estudantes adolescentes

    OpenAIRE

    Camelo, Eduardo de Moura

    2013-01-01

    O sobrepeso e a obesidade têm apresentado hoje no mundo um problema de saúde pública na população adulta, mas também com uma alta prevalência em jovens e adolescentes. Nas últimas décadas, as crianças tornaram-se menos ativas, fazendo uso da tecnologia. Uma relação entre a inatividade, como por exemplo, o tempo gasto assistindo televisão e o aumento da adiposidade em escolares vem sendo observada. A atividade física ajuda a diminuir o risco de obesidade, atuando na regulação do balanço energé...

  3. Qualidade de vida e saúde bucal em crianças e adolescentes: aspectos conceituais e metodológicos

    OpenAIRE

    Barbosa,Taís de Souza; Mialhe,Fábio Luiz; Castilho,Aline Rogéria Freire de; Gavião,Maria Beatriz Duarte

    2010-01-01

    O interesse pela qualidade de vida e saúde bucal em crianças e adolescentes vem aumentando, já que as desordens orais provavelmente apresentam efeito negativo na qualidade de vida das mesmas. Neste sentido, questionários que visam a avaliar o impacto da saúde bucal no bem-estar têm sido desenvolvidos e adaptados para este grupo específico. O objetivo deste trabalho é descrever a relação entre qualidade de vida e saúde bucal em crianças e adolescentes, focalizando aspectos conceituais e metodo...

  4. Estudo psicofísico da atenção visual e avaliação cognitiva em adolescentes com TDAH

    OpenAIRE

    Silva, Flávia Martins da

    2016-01-01

    O Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) é um dos diagnósticos mais prevalentes na adolescência, sendo caracterizado pela tríade sintomatológica de desatenção, hiperatividade e impulsividade. O objetivo desta pesquisa foi avaliar o perfil cognitivo e a atenção visual em adolescentes com diagnóstico de TDAH. Participaram 27 adolescentes com idades entre 12 anos e 16 anos e 11 meses, distribuídos em cinco faixas etárias. Os pais dos participantes responderam a uma entrevista s...

  5. Uso de métodos anticoncepcionais entre adolescentes universitários El uso de metodos anticonceptivos en adolescentes universitarios Use of contraceptive methods among university adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Salheb Alves

    2008-04-01

    Full Text Available Objetivou-se identificar o uso de métodos anticoncepcionais entre adolescentes, ingressantes de uma universidade pública paulista e descrever o perfil desses universitários quanto a algumas características sócio-demográficas. Foi utilizado um questionário e a amostra foi composta por 295 adolescentes. Relataram ter iniciado atividade sexual 48,8%. A idade média para o início foi aos 17 anos, e a maioria relatou ter usado um método contraceptivo. O método mais utilizado foi o preservativo e este em combinação com a pílula, principalmente. Observou-se que os adolescentes buscam informações, seja através de profissionais da saúde, professores, ou através de livros, com destaque para a mídia. Conclui-se que os universitários iniciam atividade sexual mais tardiamente e buscam conhecimento sobre anticoncepção.El objetivo de este trabajo es identificar el uso de los métodos anticonceptivos entre adolescentes, alumnos de una universidad paulista, y describir su perfil basados en algunas características socio-demográficas. Se utilizó un cuestionario aplicado a 295 adolescentes. El 48,8% relataron haber iniciado actividad sexual. En media, la edad para el inicio son los 17 años y la mayoría afirma haber usado métodos anticonceptivos. El más utilizado fue, principalmente, el preservativo combinado con la píldora. Se observó que los adolescentes buscan información consultando a profesionales de la salud, profesores o a través de libros, y sobretodo por los medios de comunicación. Se concluye que los universitarios inician su actividad sexual más tarde y buscan conocimiento sobre métodos anticonceptivos.The objective of this study was to identify the use of contraceptive methods among teenagers at a public University in São Paulo, as well as to describe their profile concerning social and demographic characteristics. A questionnaire was used and the sample was composed by 295 teenagers. The initiation of sexual activity

  6. Excesso de peso e fatores associados em adolescentes de uma capital brasileira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina de Souza Carneiro

    Full Text Available RESUMO: Objetivo: Avaliar a prevalência de excesso de peso (EP e fatores associados em adolescentes. Métodos: Estudo transversal realizado em escolas públicas e privadas de Goiânia (GO. Foram analisados adolescentes de 12 a 18 anos (n = 1.169 por meio de questionário padronizado. A prevalência de EP foi avaliada pelas curvas de crescimento da Organização Mundial da Saúde (OMS de Índice de Massa Corporal (IMC por idade. As associações entre as variáveis sociodemográficas, de antecedentes familiares de obesidade, de estilo de vida e de pressão arterial com o EP foram analisadas por intermédio da razão de prevalência bruta e ajustada por meio da regressão múltipla de Poisson. Resultados: A prevalência de EP foi de 21,2%, sendo 14,1% de sobrepeso e 7,1% de obesidade, com diferenças significativas entre gêneros (26,3% dos rapazes versus 16,8% das moças. Na análise de Poisson, a obesidade materna (RP = 1,86; p = 0,004 foi associada com a maior prevalência de EP no sexo masculino, e aqueles com idade entre 15 e 18 anos tiveram menor prevalência de EP quando comparados àqueles com idade entre 12 e 14 anos (RP = 0,70; p = 0,021. No sexo feminino, a presença de pais obesos (RP = 2,42; p < 0,001 associou-se a maior prevalência de EP, e as moças pertencentes à classe C tiveram menor prevalência de EP (RP = 0,67; p = 0,035. Conclusões: O EP em adolescentes esteve associado ao gênero, à obesidade familiar, e a melhor classificação socioeconômica - fatores que devem ser o foco do planejamento de intervenções específicas na promoção da saúde.

  7. CONSTRUÇÃO SOCIAL DE SENTIDOS SOBRE A RAVIDEZMATERNIDADE ENTRE ADOLESCENTES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nayara Bueno de Araujo

    2015-01-01

    Full Text Available Se buscó comprehender la construcción social de sentidos sobre embarazo-maternidad entre adolescentes embarazadas. Estudio explicativo, realizado en 2014, con 12 adolescentes, por medio de entrevista individual y grupal, observación del contexto local, consulta al documentos y preceptos de Análisis de Discurso Crítica de Fairclough. Se encontró el sentido de compatibilidad entre el embarazo y adolescencia y de contraposición al discurso dominante de embarazo como un problema. El evento respondía al que las adolescentes proyectaban para si, en uno contexto restringido de oportunidades sociales. Lo valoran con base en un ideal social de maternidad y de constitución familiar, prebendo reconocimiento social, comprobación de feminidad y mayor poder y autonomía. Sin embargo, esas ganancias se muestran atravesados por dificultades percibidas, como enfrentar el juicio familiar y el “doloroso” parto. La comprensión contextualizada de estos sentidos y su contenido social y ideológico es esencial al desenvolvimiento de mayor grado de autonomía-responsabilidad de adolescentes.

  8. Relação entre o perfil antropométrico e bioquímico em crianças e adolescentes com diabetes melito tipo 1 Relación entre perfiles antropométrico y bioquímico en niños y adolescentes con diabetes mellitus tipo 1 Relationship between anthropometric and biochemical profiles in children and adolescents with type 1 diabetes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sheylle Almeida S. Teles

    2012-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a relação entre o perfil antropométrico e bioquímico de crianças e adolescentes com diabetes melito tipo 1 (DM1. MÉTODOS: Estudo transversal com 11 crianças e 43 adolescentes com DM1. Coletaram-se dados socioeconômicos e demográficos (idade, sexo, escolaridade, renda, clínicos (insulinoterapia, antropométricos (peso, estatura, dobras cutâneas, circunferência da cintura - CC e bioquímicos (hemoglobina glicada - HbA, glicemias casual - GLC, pós-prandial - GLPP, e perfil lipídico. Foram utilizados o teste t de Student (pOBJETIVO: Evaluar la relación entre perfil antropométrico y bioquímico de niños y adolescentes con diabetes mellitus tipo 1 (DM1. MÉTODOS: Estudio transversal con 11 niños y 43 adolescentes con DM1. Se recogieron datos socioeconómicos y demográficos (edad, sexo, escolaridad, ingresos, clínicos (insulinoterapia, antropométricos (peso, estatura, pliegues cutáneos, circunferencia de la cintura-CC y bioquímicos (hemoglobina glicada - HbA, glucemias casual - GLC, postprandial - GLPP y perfil lipídico. Se utilizaron la prueba t de Student y la correlación de Pearson (pOBJECTIVE: To evaluate the relationship between anthropometric and biochemical variables in children and adolescents with type 1 diabetes mellitus (DM1. METHODS: This was a cross-sectional study of 11 children and 43 adolescents with DM1. The following data were collected: socioeconomic and demographic (age, sex, education, income, clinical (insulin therapy, anthropometric (weight, height, skinfolds, waist circumference - WC and biochemical variables (glycated hemoglobin - HbA, casual blood glucose - CBG, post-prandial blood glucose - PPBG, and lipid profile. Statistical analysis included Student's t test (p<0.05 and Pearson's correlation (p<0.05. RESULTS: The average income per capita was 0.58±0.39 times the monthly minimum wage and 72.2% of the sample were on insulin therapy consisting of three doses per day. Most

  9. Características das gestações de adolescentes internadas em maternidades do estado de São Paulo, 2011

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Helena Prado de Mello Jorge

    Full Text Available OBJETIVO: descrever as características das gestantes adolescentes internadas em hospitais no estado de São Paulo, Brasil. MÉTODOS: estudo transversal realizado em seis maternidades públicas e privadas durante três meses de 2001, com adolescentes gestantes de 10 a 19 anos de idade, mediante entrevistas e consultas aos prontuários e cadernetas de pré-natal. RESULTADOS: foram incluídas 1.448 gestantes adolescentes; houve 71 abortos, 16 natimortos e nove óbitos entre os 1.367 nascidos vivos (0,7%; a maioria das gestantes (79,8% era primigesta, 11,7% referiram ter fumado, 8,8% consumiram álcool e 1,2% informaram uso de drogas ilícitas durante a gestação; a proporção de adolescentes de 10 a 14 anos que iniciaram o pré-natal ao terceiro trimestre (9,3% foi maior do que aquela entre 15 e 19 anos (3,3%. CONCLUSÃO: observou-se elevada prevalência de fatores de risco gestacional entre as adolescentes, como tabagismo, consumo de álcool e início tardio do pré-natal.

  10. Determinantes da experimentação do cigarro e do início precoce do tabagismo entre adolescentes escolares em Salvador (BA Determinants of smoking experimentation and initiation among adolescent students in the city of Salvador, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adelmo de Souza Machado Neto

    2010-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar os fatores associados à experimentação do cigarro e ao início precoce do tabagismo por adolescentes escolares (11-14 anos. MÉTODOS: Estudo transversal de base populacional com adolescentes escolares (ensino fundamental e médio de escolas públicas e particulares de Salvador, Bahia. Foi utilizado um protocolo de amostragem em múltiplos estágios. Os participantes da pesquisa responderam a um questionário anônimo, de preenchimento voluntário e autoaplicável. As variáveis dependentes foram o uso experimental do cigarro e o início precoce do tabagismo. Variáveis sociodemográficas, educacionais, relacionadas à influência da mídia e ao consumo de álcool foram consideradas variáveis independentes. Foi realizada a análise de regressão logística multivariada, seguida da análise da adequação do modelo de regressão logística final. RESULTADOS: A prevalência de experimentação do cigarro foi de 16,1% (IC95%: 15,1-17,2. Dos 5.347 alunos avaliados, 757 experimentaram cigarros, e 462 (61,2% desses 757 o fizeram antes dos 15 anos de idade (média de idade de experimentação de cigarros, 13,9 ± 1,8 anos. O início precoce do tabagismo associou-se com o tabagismo paterno (OR = 1,53; IC83%: 1,07-2,19 e com a influência da mídia (OR = 2,43; IC83%: 1,46-4,04. A experimentação de cigarros associou-se com o consumo do álcool (OR = 6,04; IC83%: 4,62-7,88, o tabagismo de amigos (OR = 3,18; IC83%: 2,54-3,99 e de namorados (OR = 3,42; IC83%: 1,78-6,56, assim como a intervenção educacional agressiva/coercitiva dos pais (OR = 1,60; IC83%: 1,26-2,04. CONCLUSÕES: O consumo do álcool e a influência de pessoas da convivência do jovem apresentaram uma forte associação com a experimentação de cigarros. O tabagismo paterno e a influência da mídia para os produtos do tabaco aumentaram as chances de consumo desta substância.OBJECTIVE: To identify the factors associated with smoking experimentation and initiation

  11. Excesso de peso em adolescentes e estado nutricional dos pais: uma revisão sistemática

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Niedja Maria da Silva Lima

    Full Text Available Resumo O objetivo do presente estudo é verificar a associação entre o excesso de peso em adolescentes e o estado nutricional dos pais e identificar possíveis fatores determinantes. A pesquisa foi realizada nas bases de dados Pubmed, Lilacs, Scielo e Biblioteca Virtual de Saúde (BVS, considerando-se o período de 2004 a 2014. Os descritores usados foram: “Adolescente”, “Fatores de risco”, “Obesidade”, “Pais” e “Sobrepeso”. Dos 366 artigos encontrados, apenas 07 atenderam a todos os critérios de elegibilidade. Notou-se nos adolescentes prevalência de sobrepeso mais elevada nos estudos realizados no Brasile na Grécia, enquanto a prevalência de obesidade foi maior nos estudos conduzidos nos Estados Unidos. Foram verificadas maiores prevalências de excesso de peso em adolescentes do sexo masculino. Todos os trabalhos mostraram que a presença de sobrepeso ou obesidade no pai ou na mãe aumenta o risco dos adolescentes desenvolverem excesso de peso, e esse risco é ainda maior quando ambos os pais são obesos. A grande associação entre excesso de peso nos adolescentes e estado nutricional dos pais está relacionada com inúmeros fatores, dessa forma, a presença de um fator de risco, como, por exemplo, a predisposição genética, pode ser amenizada por um fator de proteção, como hábitos alimentares saudáveis.

  12. Imagem corporal e transtornos alimentares em atletas adolescentes: uma revisão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo de Sousa Fortes

    2013-12-01

    Full Text Available O objetivo do presente estudo foi realizar uma revisão da literatura sobre os temas "Imagem corporal" e "Transtornos alimentares na população de atletas adolescentes". Foram realizadas buscas eletrônicas nas seguintes bases de dados: "Web of Science", "SciELO", "Scopus", "Pubmed", "Medline", e "Lilacs". Como descritores, utilizaram-se os termos "body image" e "eating disorders", indexados no sistema de Descritores em Ciência da Saúde (DeCs/MeSH, e também os termos associados "body dissatisfaction", "athletes", "adolescence" e "teenager". O período compreendido pelas buscas foi de 2002 a 2012. Os resultados evidenciaram a existência de centenas de investigações sobre os temas na população adolescente, mas foram escolhidas somente as pesquisas no contexto esportivo. Os achados demonstraram algumas controvérsias. De qualquer forma, acredita-se que exista associação entre imagem corporal e transtornos alimentares em atletas, porém é necessário desenvolver pesquisas neste campo para responder a tais dúvidas, por isso são incentivadas pesquisas com estas variáveis.

  13. Problemas de saúde mental e tabagismo em adolescentes do sul do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana M B Menezes

    2011-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a associação entre problemas de saúde mental e uso de tabaco em adolescentes. MÉTODOS: Foram analisados 4.325 adolescentes de 15 anos da coorte de nascimentos de 1993 da cidade de Pelotas, RS. Tabagismo foi definido como fumar um ou mais cigarros nos últimos 30 dias. Saúde mental foi avaliada de acordo com o escore total do questionário Strengths and Difficulties Questionnaire e escore maior ou igual a 20 pontos foi considerado como positivo. Os dados foram analisados por regressão de Poisson, com ajuste robusto para variância. RESULTADOS: A prevalência de tabagismo foi 6,0% e cerca de 30% dos adolescentes apresentaram algum tipo de problema de saúde mental. Na análise bruta, a razão de prevalências para tabagismo foi de 3,3 (IC95% 2,5; 4,2. Após ajuste (para sexo, idade, cor da pele, renda familiar, escolaridade da mãe, grupo de amigos fumantes, trabalho no último ano, repetência escolar, atividade física de lazer e uso experimental de bebida alcoólica, diminuiu para 1,7 (IC95% 1,2; 2,3 entre aqueles com problemas de saúde mental. CONCLUSÕES: Problemas de saúde mental na adolescência podem ter relação com o consumo de tabaco.

  14. Redução do dispêndio energético e excesso de peso corporal em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Frutuoso Maria Fernanda Petroli

    2003-01-01

    Full Text Available A contemporânea redução no dispêndio energético apresenta-se como fator determinante da atual epidemia de obesidade observada em centros urbanos. Em adolescentes esta modificação intensifica-se quando associada a atividades passivas de lazer, como assistir televisão, brincar com jogos eletrônicos e usar a Internet. Este trabalho procurou analisar a inatividade física e a influência da televisão na prática alimentar de adolescentes, aspectos preditivos ao excesso de peso. Participaram deste estudo 155 indivíduos com média de 11,5 ± 1,43 anos de idade. Os diagnósticos de sobrepeso e obesidade basearam-se no índice de massa corporal para adolescentes. Foram detectadas associações estatisticamente significativas entre apresentar sobrepeso e obesidade e praticar atividades passivas e consumir alimentos em frente à televisão para ambos os sexos. Estes achados mostraram que a inatividade física, associada ao aumento no consumo de alimentos energéticos enquanto assistem televisão ou em decorrência da influência de comerciais de produtos alimentícios por ela veiculados, representa um dos fatores determinantes para o desenvolvimento de peso corporal excessivo durante a adolescência.

  15. Personalidade e comportamentos problema: um estudo comparativo com adolescentes em contexto escolar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renato G. Carvalho

    2014-03-01

    Full Text Available Neste estudo transversal analisámos a relação entre os comportamentos problema ao nível da indisciplina, desrespeito e conflituosidade dos adolescentes, em contexto escolar, e a personalidade e a psicopatologia, operacionalizadas nas dimensões PSY-5 do MMPI-A. Participaram no estudo 351 estudantes do 9º ao 12º ano, com idades compreendidas entre os 14 e os 18 anos, distribuídos em três grupos diferentes, de acordo com o reporte da frequência de comportamentos problema. Os instrumentos foram a versão experimental portuguesa do MMPI-A e um questionário sobre diferentes dimensões do percurso escolar, em que se incluem os comportamentos problema. Através de análise estatística multivariada, verificámos diferenças significativas entre os grupos nas dimensões PSY-5, num padrão em que o grupo de maior frequência de comportamentos problema apresenta resultados superiores no MMPI-A. Os resultados são interpretados numa perspetiva que sublinha a relevância da personalidade na adaptação à vida escolar, bem como a importância da existência de técnicas de avaliação psicológica de forma a detetar, em contexto de normalidade, estudantes em risco de desenvolvimento de trajetórias inadaptativas.

  16. CONSUMIDOR ADOLESCENTE EM AMBIENTE DE SHOPPING CENTER

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lunie Imamura Lima

    2009-07-01

    shopping center da cidade de Fortaleza (CE e objetivou conhecer as características bio-demográficas, os hábitos de utilização do shopping e os principais elementos influenciadores do processo de decisão de compra deste segmento. De natureza descritiva, quantitativa, com corte transversal; a pesquisa utilizou um questionário estruturado aplicado a uma amostra não-probabilística por conveniência, com maioria do sexo masculino, faixa etária entre 13 e 15 anos, provenientes de famílias de classe alta e renda familiar mensal superior a R$ 2700,00. Os resultados demonstraram que a maioria dos respondentes recebe mesada no valor menor que R$ 80,00; vai ao shopping de carro com pais ou parentes; gasta de R$ 10,00 a R$ 30,00; freqüenta o local 3 vezes na semana; permanece de 4 a 6 horas e é acompanhado pelos amigos. Ainda mostrou que pais ou familiares são os principais elementos influenciadores do processo de decisão de compra, enquanto os amigos os principais meios de informações sobre novos produtos. O estudo pretende contribuir com a literatura científica nas áreas de Marketing e Comportamento do consumidor e servir de instrumento gerencial aos dirigentes de shopping centers.

  17. Estilos parentais como fator de proteção ao consumo de tabaco entre adolescentes brasileiros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudia S. Tondowski

    2015-12-01

    Full Text Available Resumo O objetivo foi analisar a associação entre o uso de tabaco (no mês e frequente com os estilos parentais e o comportamento de fumar dos pais, em uma amostra de estudantes do Ensino Médio. Foram avaliados 17.246 estudantes do Ensino Médio de escolas públicas e privadas das 27 capitais brasileiras. A prevalência do uso de tabaco na vida foi de 25,2%, 15,3% no ano, 8,6% no mês, e 3,2% para uso frequente. Em relação aos estilos parentais, 39,2% dos pais foram classificados como negligentes, 33,3% autoritativos, 15,6% como indulgentes e 11,9% autoritários. Comparados a estudantes com pais autoritativos, filhos de pais negligentes ou indulgentes tiveram maior chance de relatar o uso no último mês ou frequente de tabaco. Observou-se uma associação entre o estilo parental e uso de cigarros por estudantes do Ensino Médio. O estilo parental autoritativo foi associado à proteção ao uso de tabaco no mês e frequente entre os adolescentes.

  18. Signos de alerta de trastornos alimentarios, depresivos, del aprendizaje y conductas violentas entre adolescentes de Cantabria

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paniagua Repetto Horacio

    2003-01-01

    Full Text Available Fundamento: Los adolescentes presentan con relativa frecuencia trastornos de la conducta alimentaria, depresivos, del aprendizaje y conductas violentas, detectados tardíamente en muchas ocasiones. El objetivo de este trabajo fue investigar la presencia de signos de alerta ante estos trastornos entre los adolescentes y relacionarlos con el entorno social y familiar y los hábitos de vida. Métodos: Estudio transversal descriptivo, mediante encuesta a 2.178 adolescentes de 12 a 16 años, representativos de los adolescentes de Cantabria. Los signos de alerta se definieron a partir de los criterios de la Asociación Médica Americana y Asociación Americana de Psiquiatría. Resultados: El 4,2% de los adolescentes presenta signos de alerta de trastornos del aprendizaje, asociados al sexo masculino, a la asistencia a colegios públicos y a repetir curso. El 4,3% y el 10,2% presenta signos de alerta de trastornos de la conducta alimentaria y trastornos depresivos, respectivamente, estando ambos asociados al sexo femenino. El 8,4% tiene signos de alerta de conductas violentas, más frecuente en varones. Los signos investigados están distribuidos homogéneamente y aumentan con la edad. Están asociados de forma estadísticamente significativa con mayor consumo de tabaco, alcohol y drogas ilegales, episodios de embriaguez y determinado uso del tiempo libre por parte de los propios adolescentes, y con mayor consumo de sustancias adictivas por amigos y familiares. Conclusiones: La prevalencia de signos de alerta en la adolescencia y sus consecuencias individuales y familiares, a corto y a largo plazo, justifican la detección en atención primaria, mediante cuestionarios sencillos que orienten al diagnóstico precoz.

  19. Religião e fecundidade entre adolescentes no Brasil Religion and fertility among adolescents in Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula de Andrade Verona

    2012-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: O objetivo deste estudo foi examinar a associação entre a idade ao ter o primeiro filho durante a adolescência e antes do casamento e o envolvimento religioso no Brasil, medido através da afiliação religiosa e frequência aos cultos ou missas. MÉTODOS: Foram utilizados dados transversais e obtidos na Pesquisa Nacional de Demografia e Saúde de 1996 e da Pesquisa Nacional de Demografia e Saúde de Mulheres e Crianças de 2006. Foram empregados modelos de riscos proporcionais de Cox para estimar a associação entre religião e idade ao ter o primeiro filho pré-marital e durante a adolescência. RESULTADOS: Os resultados indicam uma forte associação entre fecundidade pré-marital na adolescência e envolvimento religioso, tanto em 1996 como em 2006. Em 1996, a frequência aos cultos ou missas foi mais importante na explicação da idade ao primeiro filho do que a afiliação religiosa. Em 2006, o pertencimento a uma igreja pentecostal passa a ser predominante. CONCLUSÕES: Os resultados apresentados neste trabalho são instigantes, na medida em que evidenciam que adolescentes protestantes, particularmente pentecostais, apresentam um risco reduzido de serem mães adolescentes e antes do casamento. Este resultado não era esperado, já que o pentecostalismo predomina nos grupos populacionais menos favorecidos, com menor renda, educação e residentes nas áreas urbanas, onde também se concentra a fecundidade de adolescentes no Brasil. Futuros estudos devem ser conduzidos a fim de compreender como os distintos mecanismos da influência religiosa atuam na vida e comportamento de adolescentes no Brasil.OBJECTIVE: The objective of this study was to examine the association between the age of having one's first child in adolescence and before marriage and religious involvement in Brazil, measured by religious affiliation and frequency of attendance at religious services or masses. The objective of this study was to examine the

  20. La influencia de las diferencias entre el padre y la madre sobre el ajuste adolescente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonia Jiménez-Iglesias

    2015-01-01

    Full Text Available Este trabajo se centra en analizar cómo influyen en el consumo de sustancias (tabaco, alcohol y cannabis y el bienestar psicológico adolescente (calidad de vida relacionada con la salud y satisfacción vital las diferencias entre el padre y la madre en afecto, promoción de la autonomía, revelación, interés y conocimiento. La muestra estuvo compuesta por 10170 chicos y chicas españoles de 13 a 18 años de familias biparentales que participaron en la edición 2006 del estudio Health Behaviour in School-aged Children (HBSC. Los resultados mostraron que los adolescentes que indicaron que su padre y madre coincidían en presentar altos niveles en las dimensiones familiares analizadas consumieron menos sustancias y tuvieron mejor bienestar psicológico. Por el contrario, el ajuste de los adolescentes cuyos progenitores (padre y madre tenían bajos niveles en esas dimensiones familiares fue peor. Concretamente, la dimensión más importante para el consumo de sustancias fue el conocimiento parental y para el bienestar psicológico lo fue el afecto parental; la revelación adolescente solo fue relevante para el consumo de alcohol y la calidad de vida, mientras que la promoción parental de la autonomía lo fue para la calidad de vida.

  1. Influência do grupo de pares e uso de drogas ilícitas entre adolescentes brasileiros: um estudo transversal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kelly Oliva Jorge

    2018-03-01

    Full Text Available O estudo teve como objetivo examinar o uso de drogas ilícitas e as associações com fatores socioeconômicos e influência do grupo de pares entre adolescentes brasileiros de 15 a 19 anos de idade. Foi adotada uma amostra de clusters em dois estágios, com a seleção aleatória de escolas públicas e privadas entre os nove distritos administrativos de uma capital de estado, e a seleção aleatória de turmas em cada escola. A variável de desfecho foi o uso de drogas ilícitas, medido pela seguinte pergunta: “Você já usou drogas ilícitas (maconha, inalantes, hipnóticos, cocaína/crack, alucinógenos, anfetaminas e/ou opióides alguma vez na vida?”. Os grupos de pares foram classificados como: escola, família, atividades religiosas e esportes/cultura. O nível socioeconômico foi avaliado com o Índice de Vulnerabilidade em Saúde (IVS baseado em área. Foram analisados os dados de 91 adolescentes com o teste do qui-quadrado e regressão logística. A proporção global de uso de drogas ilícitas foi 15,2%. A heterogeneidade por gênero dentro de grupos (OR = 3,14; IC95%: 1,63-6,06, amizades baseadas em religião (OR = 0,36; IC95%: 0,17-0,75 e amizades baseadas em esportes/cultura (OR = 0,44; IC95%: 0,22-0,87 permaneceram associadas significativamente com o uso de drogas ilícitas. Os adolescentes que residiam em áreas menos vulneráveis mostraram maior probabilidade de uso de drogas ilícitas, quando comparados aos jovens em áreas mais vulneráveis. As amizades baseadas em religião e esportes/cultura parecem ter um efeito protetor contra o uso de drogas ilícitas. A heterogeneidade de gênero dentro de grupos e a residência em áreas menos vulneráveis aumentaram as chances de uso de drogas ilícitas por adolescentes.

  2. Representações sociais do comportamento de fumar em adolescentes de 13 anos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    S. Fraga

    2011-01-01

    Full Text Available Resumo: Objectivo: O objectivo deste estudo foi identificar em adolescentes, através de uma abordagem qualitativa, as representações sociais sobre o comportamento de fumar. Métodos: Foram realizadas trinta entrevistas semi-estruturadas por entrevistadores treinados, gravadas com a permissão dos participantes após explicação detalhada do processo de entrevista. Depois da transcrição do conteúdo de cada entrevista, a informação foi sintetizada em cada questão principal e foi realizada uma análise de conteúdo conceptual. A análise foi realizada por dois dos autores, e os conflitos foram resolvidos por uma terceira pessoa. Resultados: Os adolescentes sugeriram diferentes explicações para o comportamento de fumar das pessoas em geral e dos adolescentes. Enquanto que fumar para os primeiros estava mais relacionado com a dependência, na adolescência pretendia melhorar o estatuto entre os colegas e ser uma forma de manter as relações sociais. Os adolescentes estavam conscientes das implicações graves do tabagismo para a saúde, mas eles só referiram efeitos a longo prazo, sem percepcionarem consequências durante a adolescência. Verificámos também que tinham dificuldades em indicar potenciais medidas preventivas orientadas para os adolescentes. Conclusão: Este estudo aponta para a importância dos pares como agentes de socialização do consumo do tabaco, e mostra a importância de campanhas anti-tabagismo neste grupo etário com ênfase nas consequências do tabagismo na adolescência. Abstract: Objective: The purpose of this study was to identify adolescents’ social representations on smoking using a qualitative approach. Methods: Thirty semi-structured interviews were conducted by trained interviewers. The interviews were recorded with participant's permission after our comprehensive explanation of the interview process. After transcript

  3. Fenomenologia das motivações do adolescente em conflito com a lei

    OpenAIRE

    Jost,Maria Clara

    2010-01-01

    Este trabalho visa a avaliar as motivações mobilizadoras do comportamento do adolescente em conflito com a lei, adotando o conceito interativo do ato infracional. Entrevistas, individuais e semi-estruturadas, foram realizadas com adolescentes do sexo masculino, privados de liberdade. Os conteúdos obtidos foram organizados em núcleos temáticos, analisados fenomenologicamente e articulados às motivações subjacentes. Os resultados revelaram uma ambivalência vivencial que corrompe as subjetividad...

  4. Actitudes hacia la autoridad y violencia entre adolescentes: diferencias en función del sexo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Laura Carrascosa

    2015-07-01

    Full Text Available Las conductas violentas en adolescentes constituyen una importante problemática social debido a sus graves consecuencias. El objetivo del presente estudio fue analizar las diferencias entre chicos y chicas adolescentes en conductas violentas dirigidas hacia sus iguales, y en algunas variables explicativas de estas conductas como sus actitudes hacia la autoridad y las normas, la comunicación con sus padres y la calidad de la relación con sus profesores. Se analizó también en qué medida las relaciones entre estas variables son diferentes en función del sexo. La muestra estuvo compuesta por 663 adolescentes (50.68% chicas, 49.32% chicos entre 12 y 15 años (M = 14.05 y DT = 1.38. Los resultados mostraron puntuaciones superiores en chicos en actitud positiva hacia la transgresión de normas y en violencia directa e indirecta, y superiores en chicas en comunicación abierta con la madre. Los resultados de los análisis de regresión indicaron una importante relación, en chicos y en chicas, entre las actitudes positivas a la transgresión de normas, la comunicación ofensiva con el padre y las conductas violentas directas e indirectas. La comunicación abierta con la madre y las actitudes positivas hacia la autoridad se relacionaron negativamente con la implicación de las chicas en conductas de violencia entre iguales. Estos resultados y sus implicaciones son analizados.

  5. Índice de conicidade como preditor de alterações no perfil lipídico em adolescentes de uma cidade do Nordeste do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adélia da Costa Pereira de Arruda Neta

    Full Text Available Resumo: O objetivo foi avaliar o indice de conicidade (Índice C como preditor de alterações no perfil lipídico em adolescentes e estabelecer seus pontos de corte. Estudo transversal com 774 adolescentes de ambos os sexos (55% do sexo feminino, de 10 a 14 anos de idade. O Índice C foi calculado de acordo com a fórmula proposta por Valdez, considerando as medidas de massa corporal, estatura e circunferência da cintura (CC. As alterações no perfil lipídico dos adolescentes foram definidas segundo uma das seguintes condições: elevados níveis de colesterol total, lipoproteína de alta densidade (LDL, triglicerídeos e níveis baixos de lipoproteína de baixa densidade (HDL. O poder preditivo do Índice C para alterações no perfil lipídico, assim como seus pontos de corte, foi determinado por meio das curvas ROC (Receiver Operating Characteristic. O Índice C foi um bom preditor para alterações lipídicas em adolescentes, com destaque para os níveis de triglicerídeos em adolescentes do sexo masculino de 10 a 11 anos (ROC = 0,67; IC95%: 0,50-0,85 e de 12 a 14 anos (ROC = 0,69; IC95%: 0,59-0,80, assim como em adolescentes do sexo feminino de 10 a 11 anos (ROC = 0,65; IC95%: 0,50-0,79; e LDL em adolescentes do sexo feminino de 10 a 11 anos (ROC = 0,70; IC95%: 0,59-0,80 e adolescentes do sexo masculino (ROC = 0,65; IC95%: 0,55-0,75 e adolescentes do sexo feminino (ROC = 0,62; IC95%: 0,50-0,75 de 12 a 14 anos. Os pontos de corte do Índice C variaram de 1,12 a 1,16 entre meninos e meninas. O Índice C pode ser utilizado para predizer alterações lipídicas, bem como seus pontos de corte podem ser utilizados para triagem de adolescentes em risco de alterações no perfil lipídico.

  6. Consumo alimentar de adolescentes matriculados em um colégio particular de Teresina, Piauí, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    CARVALHO Cecilia Maria Resende Gonçalves de

    2001-01-01

    Full Text Available Com o objetivo de estudar o consumo alimentar de adolescentes matriculados em um colégio particular de Teresina, realizou-se estudo transversal através de amostragem sistemática. A freqüência de consumo de alimentos expressa em dias por semana foi obtida mediante questionário administrado individualmente ao aluno. O estado nutricional foi avaliado pelo Índice de Massa Corporal, considerando com sobrepeso valores > ou = P85. Os resultados indicam prevalência elevada de risco para o sobrepeso (19,8% nos 334 adolescentes. Os meninos consumiram com maior freqüência alimentos energéticos (milho, manteiga, pizza, lasanha, sucos industrializados, refrigerantes e construtores (frango, ovos, leguminosas em relação às meninas (p < 0,05. Os adolescentes de 10 a 13 anos consumiram com maior freqüência milho, mel, açúcar, rapadura enquanto aqueles com idade entre 17 e 19 anos consumiram mais arroz, bolos, biscoitos, rosca, balas, goma de mascar, refrigerantes, frutas verde-amarelo.

  7. ESTUDO DA INCIDÊNCIA DE CIFOSE POSTURAL EM ADOLESCENTES NA FAIXA ETÁRIA DE 11 A 14 ANOS DA REDE ESCOLAR DE MARINGÁ

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sônia Maria Marques Gomes Bertolini

    2008-06-01

    Full Text Available Foram avaliados 200 adolescentes de ambos os sexos com idade entre 11 e 14 anos do Colégio Estadual “Alberto Byington Junior”, de Maringá, com o objetivo de verificar a incidência de cifose postural. Para este estudo, valemo-nos de avaliação postural, avaliação biométrica e ainda foram registrados o peso dos materiais escolares. Cifose postural ocorreu em 76 casos (38%. No sexo feminino, a cifose esteve presente em 44 casos (58% e no sexo masculino, em 32 casos (42%, não havendo diferenças significativas em relação ao sexo. Foi observado predomínio de cifose em adolescentes com sinais de puberdade (75%. A sintomatologia dolorosa esteve presente em 28 casos (37%. Foram verificados também os desvios posturais mais freqüentes, associados à cifose. Dos 200 casos avaliados, 22 (11% transportavam material escolar com peso igual ou superior a 10% do seu peso corporal, sendo que, destes 22 casos, 9 (40% apresentavam cifose. Os resultados indicam que estes adolescentes poderão ter suas posturas cifóticas agravadas pelo excesso de peso. Constatamos, ainda, que os adolescentes que participaram desta pesquisa tinham atividades cotidianas que favoreciam a instalação de cifose postural.

  8. ANOREXIA: UN CONFLICTO ENTRE LA NIÑA Y LA ADOLESCENTE. LA ADOLESCENTE Y SU ESPEJO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kattya Grosser Guillén

    2010-01-01

    Full Text Available En el presente ensayo se aborda el tema de la anorexia como un síntoma psicológico, que afecta, fundamentalmente, a las mujeres adolescentes; de ahí que el propósito es brindar una manera distinta de entenderlo, tratando de ir más allá de los aspectos médicos, que sin lugar a dudas, también están puestos en juego. Con base en mi práctica clínica, elaboro algunas conclusiones sobre la anorexia como síntoma, desde una perspectiva psicoanalítica; a pesar de lo particular que es cada caso, es pertinente destacar algunos rasgos de este síntoma que parecen estar presentes en cada una de las jóvenes que lo padecen. Se concluye que, para estas jóvenes, la forma de romper con el Ideal de los otros es su síntoma; a través de este encuentran una forma de romper con la madre.

  9. Signos de alerta de trastornos alimentarios, depresivos, del aprendizaje y conductas violentas entre adolescentes de Cantabria

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Horacio Paniagua Repetto

    2003-01-01

    Full Text Available frecuencia trastornos de la conducta alimentaria, depresivos, del aprendizaje y conductas violentas, detectados tardíamente en muchas ocasiones. El objetivo de este trabajo fue investigar la presencia de signos de alerta ante estos trastornos entre los adolescentes y relacionarlos con el entorno social y familiar y los hábitos de vida. Métodos: Estudio transversal descriptivo, mediante encuesta a 2.178 adolescentes de 12 a 16 años, representativos de los adolescentes de Cantabria. Los signos de alerta se definieron a partir de los criterios de la Asociación Médica Americana y Asociación Americana de Psiquiatría. Resultados: El 4,2% de los adolescentes presenta signos de alerta de trastornos del aprendizaje, asociados al sexo masculino, a la asistencia a colegios públicos y a repetir curso. El 4,3% y el 10,2% presenta signos de alerta de trastornos de la conducta alimentaria y trastornos depresivos, respectivamente, estando ambos asociados al sexo femenino. El 8,4% tiene signos de alerta de conductas violentas, más frecuente en varones. Los signos investigados están distribuidos homogéneamente y aumentan con la edad. Están asociados de forma estadísticamente significativa con mayor consumo de tabaco, alcohol y drogas ilegales, episodios de embriaguez y determinado uso del tiempo libre por parte de los propios adolescentes, y con mayor consumo de sustancias adictivas por amigos y familiares. Conclusiones: La prevalencia de signos de alerta en la adolescencia y sus consecuencias individuales y familiares, a corto y a largo plazo, justifican la detección en atención primaria, mediante cuestionarios sencillos que orienten al diagnóstico precoz.

  10. Via de parto em gestações sucessivas em adolescentes: estudo de 714 casos Route of delivery in successive gestations in adolescents: study of 714 cases

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vamberto Oliveira de Azevedo Maia

    2004-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: analisar a associação da via de partos consecutivos de 714 gestantes adolescentes, que pariram na Maternidade do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco, no período de janeiro a dezembro de 2001. PACIENTES E MÉTODOS: em estudo prospectivo, analítico, transversal, tipo incidência, foi analisada a sucessão das vias de parto da primeira até a quarta gestação de 714 parturientes adolescentes, com idade variando entre 13 e 19 anos (média 17,2±1,5 anos. Identificando-se, no livro da sala de parto, a cada dia, as adolescentes que pariram, após ter obtido o consentimento livre e esclarecido, cada uma respondeu a um questionário estruturado, com 65 perguntas diretas e respostas fechadas, pré-codificadas, entre as quais estavam vias de parto e o número de gestações. RESULTADOS: observou-se que 527 (73,8% adolescentes tiveram uma única parturição, 149 (20,9% duas parturições, 35 (4,9% três partos e 3 (0,4% quatro partos. Dentre os 273 partos cesáreos, 207 (75,8% ocorreram em primíparas, 65 (23,8% em paucíparas e 1 (0,4% em multípara. Houve associação estatisticamente significante entre via de parto da primeira e da segunda parturições; em 83 (55,7% gestantes adolescentes quanto à via transvaginal e em 41 (27,5%, para a via cesárea. Coincidiram também as vias de parto de segunda e terceira parturições, em 23 (65,7% gestantes adolescentes no parto transvaginal e em outras 10 (28,6% na cesárea. CONCLUSÃO: identificou-se tendência da coincidência das vias de parto em gestações sucessivas em parturientes adolescentes, até a terceira parturiçãoPURPOSE: to analyze the association between modes of consecutive deliveries of 714 adolescents attended at the Maternity sector of the Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco (Federal University of Pernambuco, from January to December 2001. PATIENTS AND METHODS: according to a prospective, analytic, transversal, and incidence

  11. Tabagismo em amostra de adolescentes escolares de Salvador-Bahia Smoking among school adolescents in Salvador (BA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adelmo Souza Machado Neto

    2003-10-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: O hábito de fumar em geral se inicia na adolescência. No Brasil, as estimativas da freqüência deste hábito entre adolescentes variam de 1% até 35%. OBJETIVO: Estimar a prevalência do tabagismo entre os adolescentes da oitava série do ensino fundamental à terceira série do curso médio, em escolas de Salvador - Bahia, Brasil. MÉTODO: Feito um estudo do tipo corte transversal de caráter exploratório. Foram aplicados 3.500 questionários a alunos matriculados entre a 8ª série do ensino fundamental e a 3ª série do ensino médio, em cinco escolas da região metropolitana de Salvador (BA. Análise estatística: medidas descritivas e de associação (razão de prevalência e o teste t de Student e o do qui-quadrado. RESULTADOS: A prevalência do tabagismo entre adolescentes de Salvador (BA foi de 9,6%, considerando-se os 3.180 questionários válidos, sendo maior no sexo masculino (14% que no feminino (6%. À medida que aumentava a idade, elevava-se essa prevalência. A média de idade do início do tabagismo foi de 14 ± 2 anos. Dentre adolescentes, 46% experimentaram o cigarro e 20% destes continuaram fumando. Entre filhos de fumantes a freqüência foi maior. O número médio de cigarros consumidos por dia pelos adolescentes que fumavam diariamente (n = 132 foi de 7 ± 6, sendo maior no sexo masculino. CONCLUSÃO: A prevalência do tabagismo em uma amostra selecionada de adolescentes escolares de Salvador (BA foi de 9,6%, sendo maior entre os indivíduos do sexo masculino. A experimentação e a influência dos pais foram associadas ao tabagismo nos adolescentes.BACKGROUND: Most tobacco users become addicted during adolescence. In Brazil, smoking prevalence among teenagers varies from 1% to 35%. OBJECTIVE: To estimate the prevalence of smoking among teenagers, aged from 13 to 20, in fundamental and high school in Salvador, Bahia, Brazil. METHOD: Cross-sectional exploratory study. Thirty five hundred questionnaires were

  12. Associação entre comportamento alimentar, consumo de cigarro, drogas e episódios depressivos em adolescentes Association between eating behavior and smoking, use of illicit drugs and depressive episodes in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliany Piazzon Gomes

    2010-10-01

    Full Text Available Objetivo Identificar a prevalência de sintomas de transtornos alimentares em estudantes do sexo feminino matriculadas no ensino fundamental da rede estadual do município de Toledo (PR, bem como relacionar esses sintomas com o hábito de fumar, o uso de drogas e episódios depressivos. Métodos Foram utilizados os instrumentos Teste de Investigação Bulímica de Edimburgo, com escala de sintoma e gravidade, e o Eating Attitudes Test-26, acrescido de perguntas sobre tabagismo, uso de drogas e episódios depressivos. A amostra constituiu-se de cerca de 300 estudantes do sexo feminino, na faixa etária entre 10 e 15 anos. Resultados Os resultados demonstraram que as estudantes apresentaram prevalências de sintomas de transtornos alimentares na ordem de 4,2% para a escala Teste de Investigação Bulímica de Edimburgo e 3,6% para o Eating Attitudes Test-26. A prevalência de consumo de cigarro foi de 4,2%, do uso de drogas, 4,9% e de episódios depressivos, 10,7%. Observaram-se associações significativas entre episódios depressivos e os seguintes parâmetros: Teste de Investigação Bulímica de Edimburgo - escala de sintomas (p=0,04 e Teste de Investigação Bulímica de Edimburgo - escala de gravidade (p=0,02. Os hábitos de fumar (p=0,01 e de usar drogas (p=0,04 também apresentaram associação com Teste de Investigação Bulímica de Edimburgo - escala de sintomas. Conclusão Verificou-se nas estudantes deste estudo elevada probabilidade de desenvolver comportamentos de risco, tais como transtornos alimentares e episódios depressivos.Objective The goal of this study was to identify the prevalence of symptoms of eating disorders in female students enrolled in state elementary schools and investigate a possible association between these eating disorders and smoking, illicit drug use and depressive episodes. Methods The Bulimic Investigatory Test of Edinburgh with symptom and severity scales and the Eating Attitudes Test - 26 with

  13. TEMPO DE TELA, PERCEPÇÃO DA QUALIDADE DE SONO E EPISÓDIOS DE PARASSONIA EM ADOLESCENTES

    OpenAIRE

    Silva, Alison Oliveira da; Oliveira, Luciano Machado Ferreira Tenório de; Santos, Marcos André Moura dos; Tassitano, Rafael Miranda

    2017-01-01

    RESUMO Introdução: O sono é um importante componente no processo de desenvolvimento biológico e mental das crianças e dos adolescentes, considerado fonte de revitalização das funções orgânicas. Objetivo: Analisar a associação entre o tipo e tempo de exposição à tela, a percepção da qualidade de sono e os episódios de parassonia em adolescentes. Métodos: Estudo transversal que incorpora um levantamento epidemiológico de base escolar com amostra representativa (n = 481) de estudantes (14 a 1...

  14. Sintomas de transtorno alimentar, insatisfação com a imagem corporal e consumo alimentar em meninas adolescentes de Florianópolis, SC

    OpenAIRE

    Souza, Lidiamara Dornelles de

    2012-01-01

    Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Nutrição, Florianópolis, 2012. Objetivo: Investigar a associação entre consumo alimentar, sintomas de risco para transtornos alimentares e insatisfação com a imagem corporal das adolescentes da rede de ensino fundamental e médio de Florianópolis, SC. Métodos: Estudo transversal, com 1052 adolescentes do sexo feminino das redes de ensino pública e privada de Florianópol...

  15. Relaciones entre estilos de amor y violencia en adolescentes

    OpenAIRE

    Iris Xóchitl Galicia Moyeda; Alejandra Sánchez Velasco; Francisco Javier Robles Ojeda

    2013-01-01

    De acuerdo a diversas evidencias, la manera en que los y las ado- lescentes establecen sus relaciones amorosas podría estar asociada con la violencia producida y recibida en el noviazgo. Para esclarecer cómo se manifiesta esta relación en una muestra de 105 mujeres y 93 hombres, con una edad entre los 13 y los 15 años, en el Estado de México, se aplicaron dos herramientas: la Escala de Actitudes Amo- rosas (EAA) (Hendrick & Hendrick, 1986) y el Cuestionario sobre Violencia en el Noviazgo (CVN...

  16. Diferenças entre os Sexos no Aproveitamento Escolar, na Sintomatologia de Stress e na Qualidade do Sono em um Grupo de Adolescentes The Differences between the Gender in School Performance, in the Symptoms of Stress and Sleep Quality in a Group of Adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gema Galgani de Mesquita Duarte

    2014-03-01

    Full Text Available Objetivo: Este estudo, pioneiro no Brasil, apresentado à Faculdade de Ciências Médicas (UNICAMP, em caráter dissertativo, transversal descritivo, teve por objetivo relacionar as variáveis: aproveitamento escolar, stress e qualidade do sono em um grupo de adolescentes do ensino médio. Materiais e métodos: amostra de 160 adolescentes, ambos os gêneros, entre 15 a 18 anos, estudantes do ensino médio na cidade de Alfenas, Minas Gerais, Brasil. Para a coleta de dados, utilizou-se dos instrumentos: 1 Índice de Qualidade de Sono de Pittsburgh (IQSP; 2 Inventário de sintomas de stress para adultos de Lipp (ISSL; 3 Boletins dos alunos, por meio dos quais foram recolhidas as faltas e as notas. Resultados: Dentre os participantes, 65,63% são do gênero feminino. Em se tratando do aproveitamento escolar, observaram-se as médias 0,64 para o grupo feminino (F e 0,60 para o masculino (M (p=0,04. Para o número de faltas, têm-se as médias de 28,1 (F e de 30,3 (M (p=0,7440. Em relação à sintomatologia de stress, 65,71% (F e 29,09% (M foram classificados estressados e 34,29% (F e 70,91% (M não apresentaram sintomas de estresse (p< 0,001. Referente à qualidade do sono, observou-se que as mulheres apresentaram pior qualidade, sendo a média 6,0 (F e de 5,3 (M (p=0,27; na classificação do sono, 68,57% (F e 61,82% (M não dormem bem. Conclusão: O grupo feminino apresentou melhor aproveitamento nas atividades escolares, com notas mais elevadas e maior assiduidade, maior sintomatologia de stress e pior qualidade do sono. Objective: This dissertational, transversal and descriptive study, presented at the School of Medical Sciences of UNICAMP, aims at establishing a connection between the variables “school learning”, “stress” and “sleep quality” in high school adolescents. Materials and Methods: A sample of 160 high-school students of both genders, aged 15-18 years, in Alfenas, Minas Gerais, Brazil. For data collection, the following

  17. CEP em Selfie: abordando sexting com adolescentes como forma de exposição virtual da sexualidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo das Neves Leal

    2017-06-01

    Full Text Available Este artigo objetiva relatar e refletir sobre intervenções feitas pelo Centro de Estudos Psicológicos (CEP-RUA da Universidade Federal do Rio Grande (FURG acerca do compartilhamento de fotos com conteúdo sexual – sexting – entre adolescentes, a fim de colaborar com o desenvolvimento saudável desse público. Foram realizadas três intervenções no município entre os anos de 2014 e 2015, a primeira numa escola privada com cerca de 100 estudantes que estavam entre o 7º ano do Ensino Fundamental e o 3º ano do Ensino Médio, a segunda na zona rural da cidade com 25 participantes sendo eles adolescentes e responsáveis atendidos pela a equipe do Centro de Referência em Assistência Social (CRAS da área, a terceira foi feita com 120 adolescentes participantes de um projeto social. Para abordar a temática usou-se dinâmicas grupais, contextualizando a necessidade humana de se autorretratar, a exposição da sexualidade durante diferentes contextos históricos e com diferentes ferramentas, da arte à utilização de dispositivos eletrônicos como celulares, câmeras digitais e computadores. Além disso fez-se a apresentação dos dispositivos legais para proteção e acolhimento da vítima em casos de exposição indevida da imagem, principalmente disposições do Estatuto da Criança e do Adolescentes sobre direito a imagem e punição em caso do denunciado ter também até 18 anos incompletos. As intervenções revelaram que a maioria dos adolescentes já tinham conhecimentos prévios sobre o assunto, embora desconhecem-se o termo sexting, também predominou a culpabilização das vítimas quando se tratava de mulheres expostas. Afirmou-se a necessidade de investir na abordagem multidisciplinar da educação para sexualidade com intuito de desmistificar e desconstruir alguns tabus sobre o tema.      

  18. Instrumentos específicos para avaliar a qualidade de vida em crianças e adolescentes com asma

    OpenAIRE

    Cristian Roncada; Rita Mattiello; Paulo M. Pitrez; Edgar E. Sarria

    2013-01-01

    OBJETIVO: Identificar e descrever os instrumentos específicos que avaliam a QVRS de crianças e adolescentes com asma. FONTES DOS DADOS: Realizamos buscas nas bases de dados PubMed, Ovid e LILACS utilizando várias combinações de descritores (MeSH terms), selecionando artigos originais sobre desenvolvimento de questionários específicos de QVRS, publicados em inglês, português ou espanhol, entre 1990 e 2012. SÍNTESE DOS DADOS: Foram identificados 15 instrumentos que preencheram os critérios de i...

  19. Fatores associados aos comportamentos de risco à saúde entre adolescentes brasileiros: uma revisão integrativa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Ramos de Moura

    2018-04-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo: Identificar o conhecimento sobre fatores associados aos comportamentos de risco para a saúde entre adolescentes brasileiros. Método: Revisão integrativa da literatura nas bases de dados Cochrane, IBECS, LILACS, MEDLINE e SciELO, em relação aos comportamentos de risco recomendados pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças. Resultados: Analisaram-se 37 estudos, com predomínio do comportamento sexual de risco, uso do tabaco e comportamento violento. O avançar da idade favoreceu o sexo desprotegido, o uso do álcool e tabaco. A influência familiar e de amigos relacionou-se com tabagismo e alcoolismo. O sexo masculino envolveu-se mais em situações de violência e o sexo feminino associou-se à inatividade física. Pertencer a classes econômicas mais baixas relacionou-se com sexo desprotegido, inatividade física, comportamento alimentar não saudável e violência. Estudar em escola privada referiu-se ao comportamento alimentar não saudável. Conclusão: Comportamentos de risco relacionaram-se a fatores sociais, econômicos e familiares e tendem a se aglomerar.

  20. Oficinas em sexualidade humana com adolescentes Workshop in human sexuality with adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alysson Massote Carvalho

    2005-12-01

    Full Text Available O presente trabalho tem por objetivo apresentar uma experiência de intervenção em orientação sexual com adolescentes em uma cidade do interior de Minas Gerais. Foram sujeitos da intervenção 50 estudantes da 8ª série do ensino fundamental de uma escola municipal da cidade, divididos em 4 grupos, sendo relatada aqui a experiência vivida em um deles, contando com 13 participantes, com idades variando entre 13 e 15 anos, sendo 8 do sexo masculino e 5 do sexo feminino. Utilizando a metodologia de Oficinas em Dinâmica de Grupo procurou-se, juntamente com os adolescentes, a reflexão e elaboração de sentimentos, comportamentos e conhecimentos compartilhados face à sexualidade, levando em consideração suas angústias e inseguranças relacionadas ao tema, e concentrando-se em dialogar sobre os aspectos afetivos e históricos envolvidos na vivência da sexualidade. A partir da análise dos processos grupais, articulados a uma conscientização ético-política dos sujeitos envolvidos, observou-se uma reconstrução/ressignificação dos sentidos atribuídos à sexualidade, ao pertencimento de gênero e ao contexto social mais amplo.The objective of this study was to determine how the intervention in sexual guidance was experienced by adolescents in a small city in Minas Gerais. The research involved 50 8th grade students of the municipal elementary school, divided into 4 groups. This article focuses on only one of these groups, with 13 members, 8 male and 5 female, of ages varying from 13 to 15 years old. The methodology used was that of workshops in group dynamics in order for the adolescents to reflect on their feelings, behavior and knowledge, in relation to sexuality. Participants' distress and insecurity in facing the topic were taken into consideration, and emphasis was placed on the emotional aspect and the life history of the subjects involved, in their experiences with sexuality. The analysis of this group process, demonstrated a

  1. Fatores associados à atividade física em adolescentes estudantes do período noturno

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabio Luis Ceschini

    2015-02-01

    O objetivo do estudo foi descrever os fatores associados à atividade física de adolescentes que frequentam aula no período noturno de escolas públicas e privadas em uma região da cidade de São Paulo. Foram selecionadas três escolas públicas e três escolas privadas que ofereciam as séries acadêmicas do ensino médio na zona norte da cidade de São Paulo. A amostra foi composta de 1.844 adolescentes com idades entre 15 e 20 anos. A atividade física foi avaliada pelo Questionário Internacional de Atividade Física. Os adolescentes classificados como ativos foram àqueles que cumpriram a recomendação de no mínimo 300 minutos semanais em atividades físicas. Coletaram-se informações sobre o uso de tabaco e ingestão de bebidas alcoólicas. Empregou-se a regressão logística (significância de p300 minutos/semanais foi de 36,1%, se associando às seguintes variáveis: A rapazes mais jovens e com menor nível socioeconômico; B adolescentes que estudavam em escolas privadas; C não fazer uso de tabaco ou bebidas alcoólicas; D não exercer atividades profissionais remuneradas e; E frequentar a escola nos fins de semana para praticar atividades físicas. O nível de atividade física dos estudantes de escolas públicas e privadas parece sofrer influência do período que frequentam as aulas, sugerindo a implantação de mecanismos de incentivo que aumentem a participação em atividades físicas. A estrutura escolar e programas de intervenção poderiam contribuir para incrementar o nível de atividade física entre adolescentes.

  2. QUALIDADE DE SONO E SUA ASSOCIAÇÃO COM SINTOMAS PSICOLÓGICOS EM ATLETAS ADOLESCENTES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gabriel Cordeiro Gomes

    Full Text Available RESUMO Objetivo: Verificar a prevalência de má qualidade de sono e sua associação com características pessoais e sintomas de depressão, ansiedade e estresse em adolescentes atletas amadores. Métodos: Foram avaliados 309 adolescentes atletas, entre 10 e 19 anos. Para a coleta de dados foram utilizados: questionário estruturado, contendo informações pessoais; Índice de Qualidade do Sono de Pittsburgh (PSQI; e Escala de Ansiedade, Depressão e Stress de 21 itens (EADS-21. Na análise descritiva foram calculados a média e o desvio padrão das variáveis numéricas e as frequências absolutas e relativas das variáveis categóricas. Para a análise inferencial foram realizados teste t de Student e teste do qui-quadrado, além de regressão de Poisson, sendo calculadas as razões de prevalência (RP em um intervalo de confiança de 95% (IC95%. Resultados: A média de idade dos participantes foi de 14,1±2,1, sendo 13,8±2,0 para o grupo de adolescentes com boa qualidade do sono e 15,0±2,1 para o grupo com má qualidade do sono. A má qualidade do sono foi registrada em 28,2% (n=87, a depressão, em 26,9% (n=83 e a ansiedade/estresse, em 40,1% (n=124 da amostra. A má qualidade do sono se associou à faixa etária de 15 a 19 anos (RP 1,24; IC95% 1,14-1,37, a adolescentes com sobrepeso (RP 1,12; IC95% 1,01-1,24 e com sintomas de depressão (RP 1,23; IC95% 1,08-1,40 e de ansiedade/estresse (RP 1,16; IC95% 1,04-1,28. Conclusões: A presença de sobrepeso e sintomas psicológicos, bem como a idade superior a 15 anos, se mostraram fatores de risco para aumentar a chance da má qualidade do sono em adolescentes atletas.

  3. Relaciones entre estilos de amor y violencia en adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Iris Xóchitl Galicia Moyeda

    2013-01-01

    Full Text Available De acuerdo a diversas evidencias, la manera en que los y las ado- lescentes establecen sus relaciones amorosas podría estar asociada con la violencia producida y recibida en el noviazgo. Para esclarecer cómo se manifiesta esta relación en una muestra de 105 mujeres y 93 hombres, con una edad entre los 13 y los 15 años, en el Estado de México, se aplicaron dos herramientas: la Escala de Actitudes Amo- rosas (EAA (Hendrick & Hendrick, 1986 y el Cuestionario sobre Violencia en el Noviazgo (CVN. La evidencia indica que los estilos amorosos predominantes fueron el Storge y el Eros. Los hombres cuyo estilo es Ludus tienen más posibilidades de recibir violencia,en tanto que las mujeres cuyo estilo predominante es el Ágape reciben y ejercen más violencia en sus relaciones amorosas. Dado que este estilo es poco frecuente, se sugiere que en las instituciones educativas se promuevan relaciones de noviazgo más igualitarias.

  4. Significado de las funciones familiares en adolescentes italianos. Nuevas fronteras entre paterno y materno

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Massimiliano Sommantico

    2008-01-01

    Full Text Available El presente estudio tuvo como objetivo explorar el significado que una muestra de adolescentes y adolescentes tardíos del sur de Italia atribuye a las funciones familiares, para analizar la relación entre la percepción de las transformaciones de las funciones paternas y maternas -en particular la carencia de roles normativos y de contención afectiva- y la agresividad como modalidad preferencial de gestión del conflicto. Se aplicó un diferencial semántico (DF, De Rosa, Parrello, & Sommantico, 2006 y un instrumento de agresividad, adaptado a población europea (AQ, Buss & Perry, 1992, 2003 a 259 sujetos, de edad comprendida entre los 17 y los 35 años, divididos en dos grupos, 139 de bachillerato y 120 de licenciatura. Los resultados del análisis del DF indicaron un perfil monofactorial, a diferencia del trifactorial obtenido por Osgood, Suci y Tannembaum (1957, mientras que en el AQ se encontraron diferencias significativas entre la media de la agresividad general (E=2,73 y factores del instrumento como agresividad verbal (E=3,29, la rabia (E=2,86 y hostilidad (E=2,86. Se concluye que las cualidades de tamaño y seguridad le son atribuidas específicamente a la madre, y que el nivel de agresividad verbal supera el índice de agresividad general.

  5. Autoeficácia e atividade física em adolescentes de Curitiba, Paraná, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carla Adriane de Souza

    2013-10-01

    Full Text Available Este trabalho teve o objetivo de analisar a associação entre atividade física e autoeficácia em adolescentes. Realizou-se um estudo inquérito de base escolar com 1.698 adolescentes de Curitiba, Paraná, Brasil. A atividade física foi avaliada segundo frequência semanal (dias/semana de prática de atividade física de intensidade moderada ou vigorosa. A autoeficácia foi analisada segundo a soma de uma escala composta por dez itens. A associação entre autoeficácia e atividade física foi testada pela regressão de Poisson (p < 0,05, estratificada por sexo. Entre os meninos, apenas elevada autoeficácia foi associada com todas as categorias de atividade física (p < 0,001, enquanto para as meninas níveis moderados e elevados de autoeficácia foram associados com todas as categorias de atividade física (p < 0,001. Conclui-se que a autoeficácia tem associação positiva com atividade física entre adolescentes, no entanto esta relação é mais consistente entre as meninas. Este é um aspecto importante para o delineamento de intervenções para a promoção de atividade física nesse grupo populacional.

  6. Fatores associados à experimentação do narguilé entre adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Caroline C. Reveles

    2013-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: determinar a prevalência e analisar os fatores associados à iniciação do uso do narguilé entre adolescentes. MÉTODOS: trata-se de um estudo epidemiológico transversal. Foram coletados 495 questionários dos estudantes das escolas da rede de ensino público e privado da área urbana do município de Várzea Grande/MT. Para análise dos dados foram realizadas análises descritiva, bivariada e regressão múltipla de Poisson. RESULTADOS: experimentaram o narguilé 19,7% dos estudantes. O uso do narguilé está associado com o período final da adolescência [RP = 6,54 (2,79; 15,32], estarem matriculados nas escolas particulares [RP = 2,23 (1,73; 2,88] e exercerem atividades laborativas [RP = 1,80 (1,17; 2,78]. CONCLUSÃO: a proporção de adolescentes que experimentaram o narguilé foi elevada. Observou-se influência da idade do escolar, de atividades laborativas e do período das aulas para iniciação do tabagismo por esta forma. Medidas preventivas que abrangem as formas do tabaco devem ser direcionadas aos adolescentes, no ambiente escolar, como forma de controle do tabagismo.

  7. Confiabilidade da versão em Português do Inventário de Fobia Social (SPIN entre adolescentes estudantes do Município do Rio de Janeiro Reliability of the Portuguese-language version of the Social Phobia Inventory (SPIN among adolescent students in the city of Rio de Janeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Liliane Maria Pereira Vilete

    2004-02-01

    Full Text Available Acredita-se que a fobia social teria início na adolescência e que precederia outros transtornos mentais, sendo importante a sua investigação nos jovens. Até o momento, não há nenhuma escala de fobia social validada para a nossa população. Neste estudo investigou-se a confiabilidade da versão em Português do Social Phobia Inventory (SPIN entre escolares adolescentes da rede pública do Município do Rio de Janeiro. Após a versão do SPIN para o Português, conduziu-se um estudo de confiabilidade teste-reteste com 190 adolescentes de duas escolas, estimando-se os coeficientes de correlação intraclasse (CCIC, kappa ponderado (kw² e ajuste de modelos log-lineares. Foram ainda construídos gráficos Bland & Altman. Observou-se uma boa consistência interna (a de Cronbach = 0,88 e boa confiabilidade da pontuação total do instrumento (CCIC = 0,78. A confiabilidade das perguntas isoladas não foi tão boa (kw² variando de 0,32 a 0,65. O modelo log-linear de melhor ajuste aos dados na maior parte dos itens foi o de "semi-associação". Esses achados nos permitiram concluir que a versão em português do SPIN exibiu resultados de boa confiabilidade, semelhantes aos da versão original em Inglês.It is believed that social phobia has its onset during adolescence and precedes other mental disorders; it is thus important to investigate the condition among young people. To date there is no self-reported scale validated for the Brazilian population. The present study investigated the reliability of the Portuguese-language version of the Social Phobia Inventory (SPIN among adolescent students from public schools in the city of Rio de Janeiro. After SPIN was translated into Portuguese, a test-retest reliability study was carried out with 190 students. Intra-class correlation coefficient (ICC and weighted kappa (kw² were estimated, log-linear models were fitted, and Bland & Altman graphs were built. The Portuguese version showed good internal

  8. Influência do grupo de pares e uso de drogas ilícitas entre adolescentes brasileiros: um estudo transversal

    OpenAIRE

    Kelly Oliva Jorge; Raquel Conceição Ferreira; Efigênia Ferreira e Ferreira; Ichiro Kawachi; Patrícia Maria Zarzar; Isabela Almeida Pordeus

    2018-01-01

    O estudo teve como objetivo examinar o uso de drogas ilícitas e as associações com fatores socioeconômicos e influência do grupo de pares entre adolescentes brasileiros de 15 a 19 anos de idade. Foi adotada uma amostra de clusters em dois estágios, com a seleção aleatória de escolas públicas e privadas entre os nove distritos administrativos de uma capital de estado, e a seleção aleatória de turmas em cada escola. A variável de desfecho foi o uso de drogas ilícitas, medido pela seguinte pergu...

  9. Conhecimento, atitude e prática do uso de pílula e preservativo entre adolescentes universitários Conocimiento, actitud y práctica del uso de la píldora y el preservativo entre adolescentes universitários Knowledge, attitude and practice about the use of pill and preservative among adolescents university students

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Salheb Alves

    2008-02-01

    Full Text Available Foram avaliados o conhecimento, atitude e prática em relação à pílula e ao preservativo entre adolescentes, ingressantes de uma universidade pública paulista. Um questionário foi aplicado a 295 universitários. Observou-se que os adolescentes apresentaram atitudes positivas em relação à prática contraceptiva, já que 92,6% opinaram que devem utilizar métodos anticoncepcionais, e dentre os adolescentes com vida sexual ativa, aproximadamente 82% responderam que utilizavam algum método em todas as relações sexuais. Demonstraram ter maior conhecimento do que prática. Quando comparados o preservativo e a pílula, os adolescentes apresentam maior conhecimento e prática em relação ao preservativo. Conclui-se que embora os adolescentes tenham conhecimento e atitudes adequadas, precisam modificar algumas de suas práticas para uma anticoncepção eficaz.Fueron evaluados el conocimiento, la actitud y la práctica en relación a la píldora y al preservativo entre adolescentes recién matriculados en una universidad pública paulista. Fue aplicado un cuestionario a 295 adolescentes. Se observó que los adolescentes presentan actitudes positivas relativas a la práctica anticonceptiva, ya que el 92,6% opinan que deben usar métodos anticonceptivos y entre los adolescentes con vida sexual activa, aproximadamente el 82% contestaron que utilizaban algún método en todas las relaciones sexuales. Demostraron tener más conocimiento que práctica. Comparando el preservativo y la píldora, hubo mayor conocimiento y práctica en relación al preservativo. Se concluye que, aunque los adolescentes tengan conocimiento y actitudes adecuadas, necesitan cambiar algunas de sus prácticas para una anticoncepción eficaz.It was evaluated knowledge, attitude and practice concerning contraceptive pills and preservatives among teenagers at a public University of São Paulo. A questionnaire was applied for 295 students. We verified that teenagers presented a

  10. Relación entre el sexismo ambivalente y la percepción de la violencia de género en jóvenes adolescentes

    OpenAIRE

    Bartolo Hernández, Ana María

    2013-01-01

    El objetivo del presente estudio fue analizar la relación existente entre el Sexismo Ambivalente, teniendo en cuenta sus dos dimensiones (Sexismo Hostil y Sexismo Benevolente) y la capacidad de los adolescentes para percibir la Violencia de Género. La muestra está constituida por 90 adolescentes de edades comprendidas entre los 15-18 años.

  11. Prevalência do uso de drogas e desempenho escolar entre adolescentes Drug use prevalence and school performance among teenagers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Beatriz Franck Tavares

    2001-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a prevalência do uso de drogas entre adolescentes de escolas com segundo grau. MÉTODOS: Com base em um delineamento transversal, foi realizado estudo em 1998 , em Pelotas, RS. Um questionário anônimo, auto-aplicado em sala de aula, foi respondido por uma amostra proporcional de estudantes com idade entre 10 e 19 anos, matriculados no primeiro grau (a partir da 5ª série e no segundo grau, em todas as escolas públicas e particulares na zona urbana do município que tinham segundo grau. Realizou-se até três revisitas para aplicação aos alunos ausentes. RESULTADOS: Foram entrevistados 2.410 estudantes e o índice de perdas foi de 8%. As substâncias mais consumidas, alguma vez na vida, foram álcool (86,8%, tabaco (41,0%, maconha (13,9%, solventes (11,6%, ansiolíticos (8,0%, anfetamínicos (4,3% e cocaína (3,2%. Os meninos usaram mais do que as meninas maconha, solventes e cocaína, enquanto elas usaram mais ansiolíticos e anfetamínicos. Uso no mês, uso freqüente, uso pesado e intoxicações por álcool foram mais prevalentes entre os meninos. Após controle para fatores de confusão, permaneceu positiva a associação entre uso de drogas (exceto álcool e tabaco e turno escolar noturno, maior número de faltas à escola no mês anterior e maior número de reprovações escolares. CONCLUSÕES: A prevalência de experimentação de drogas em adolescentes escolares é alta, sendo importante detectar precocemente grupos de risco e desenvolver políticas de prevenção do abuso e dependência dessas substâncias.OBJECTIVE: To assess the prevalence of drug use among teenagers. METHODS: A cross-sectional study was carried out in Pelotas, Southern Brazil, in 1998 . An anonymous, self-administered questionnaire was answered by a sample of 2,410 students with ages ranging from 10 to 19 years old, registered in all public and private high schools of the area. The schools were visited up to three times to reach absent

  12. O ser adolescente gestante em transição: um enfoque de cuidar-pesquisar sob a ótica da enfermagem

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ivete Palmira Sanson Zagonel

    2002-08-01

    Full Text Available Este trabalho tem como objeto o significado do ex-sistir feminino na cotidianidade diante da transição da adolescência e gestação. Objetiva compreender o sentido de ser adolescente gestante em transição ex-sistindo, como fenômeno situado, diante da simultaneidade dos eventos vitais, expressos pelos discursos e cuidar do ser adolescente gestante ao mesmo tempo em que desvela o sentido que funda a simultaneidade transicional feminina dos eventos vitais. Foram analisados oito discursos, utilizando a entrevista fenomenológica guiada pela questão norteadora "o que é ser adolescente e gestante em transição ex-sistindo, como fenômeno situado diante da simultaneidade dos eventos vitais, enquanto este ser é cuidado". A análise compreensiva dos depoimentos deu-se à luz da hermenêutica heideggeriana. Permitiu desvelar o ser adolescente gestante em transição, enquanto ser de possibilidades, projeta-se enquanto ser exsistindo, mostra-se surpresa, temerosa, fragilizada, vivência a ambiguidade entre o prazer e o sofrimento, a partir das significações atribuídas às vivências.

  13. Anemia em adolescentes segundo maturação sexual Anemia among adolescents according to sexual maturation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bianca Assunção Iuliano

    2004-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a prevalência de anemia em adolescentes (hemoglobina0,05. Observou-se aparente aumento do nível médio de hemoglobina com o desenvolvimento do adolescente. Detectou-se anemia em 11,0% dos adolescentes, a maioria na fase púbere, classificada como ''prevalência leve'' segundo a World Health Organization. Não foi encontrada associação entre indicadores sociais e anemia. CONCLUSÃO: O estudo apontou baixa prevalência de anemia, mas acima do esperado entre púberes de escola particular e indica tendência de aumento dos níveis de hemoglobina com o desenvolvimento sexual dos adolescentes. Devem ser realizados novos estudos de prevalência de anemia para se determinar sua causa entre adolescentes de diferentes níveis socioeconômicos.OBJECTIVE: To assess the prevalence of anemia (hemoglobin level <12g/dL in adolescents, according to their sexual maturation stage. METHODS: A cross-sectional study was conducted with all adolescents enrolled in 5th - 8th grades in a private school in the city of São Paulo. Their hemoglobin level was measured (using Hemocue® and sexual development was self-evaluated (with the aid of pictures of the maturation stages proposed by Tanner. The social indicators evaluated were the per capita family income and maternal schooling. Student t test and non-parametric Kruskal-Wallis test were used for mean comparison and Chi-square-test for associations (p<0.05. RESULTS: We analyzed 118 students, of which 66.9% were females (aged 12.2±1.13 years and 33.1% were males (aged 12.0±1.18 years. The mean hemoglobin level was 13.2±1.08 g/dL for females and 13.3±1.21 g/dL for males, with no significant difference. An apparent increase in the mean hemoglobin level was verified along with sexual development of the adolescents. Anemia was detected in 11% of them, most in the pubertal stage, which is classified by the World Health Organization as ''mild prevalence''. No association was found between social

  14. Relación entre consumo de tabaco y alcohol y el autoconcepto en adolescentes españoles

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Ignacio ÁLVARO GONZÁLEZ

    2016-05-01

    Full Text Available La etapa adolescente constituye una fase esencial en el desarrollo de la persona; en estas edades las relaciones sociales y la adquisición de la personalidad son elementos claves, por tanto se planteó el siguiente estudio con los objetivos de determinar el autoconcepto de los adolescentes y cada una de sus dimensiones, así como describir el consumo habitual de alcohol y tabaco en la población adolescente y analizar las relaciones existentes entre el autoconcepto y las sustancias nocivas (alcohol y tabaco. Participaron un total de 2.134 adolescentes que permitió el registro y evaluación de las variables Autoconcepto (AF5, Consumo de Tabaco (FTND y Consumo de Alcohol (AUDIT. Los resultados mostraron que el autoconcepto global era alto en los adolescentes, que en su mayoría eran no fumadores y el consumo de alcohol era perceptible únicamente en tres de cada diez jóvenes; y entre las dimensiones las más puntuadas eran la familiar y la social. Se encontró asociación en el caso de las dimensiones de autoconcepto familiar, académico y social con el consumo de alcohol, sin embargo debe señalarse que el número de adolescentes que ingerían alcohol era bastante escueto por lo que debemos ser cautos con dicha afirmación

  15. Drogas na adolescencia : analise do uso de substancia quimicas entre adolescentes estudantes de escolas publicas e particulares de Campinas, SP

    OpenAIRE

    Maria Alice de Araujo Armani

    2007-01-01

    Resumo: Objetivo: Pesquisar, entre adolescentes de diferentes níveis sócio-culturais, estudantes de escolas públicas e privadas, uso de medicações específicas (fórmulas laboratoriais que visam emagrecimento, inibidores do apetite, ?orlistat?, anabólicos e esteróides, laxantes, diuréticos), tabagismo, consumo de bebidas alcoólicas, início de vida sexual, prevenção de gestações e DST e utilização de métodos anticoncepcionais. Métodos: Foi realizada uma pesquisa entre adolescentes estudantes do...

  16. Assistencia ao cancer entre criancas e adolescentes: mapeamento dos fluxos origem-destino no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marilia Fornaciari Grabois

    2013-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar os fluxos de viagens de crianças e adolescentes com câncer, entre os locais de residência e serviço de saúde. MÉTODOS: Foram analisados os fluxos de viagens de crianças e adolescentes com câncer entre os locais de residência e de serviço de saúde atendidos no Sistema Único de Saúde (SUS, de 2000 a 2007. A unidade de análise foi a regional de saúde. Utilizou-se o sistema de informações geográficas e metodologia de redes por tipo de tratamento recebido (quimioterapia e radioterapia e internações hospitalares. RESULTADOS: Foram emitidas 465.289 autorizações de quimioterapia, 29.151 de radioterapia e 383.568 de internações hospitalares de crianças e adolescentes com diagnóstico de câncer para tratamento no SUS. O fluxo dominante formou 48 redes para quimioterapia, 53 para radioterapia e 112 para internações hospitalares. A maior parte do volume de atendimento ocorreu nas regionais de saúde das 12 maiores metrópoles do País com grande relacionamento entre elas e extensa área de influência direta acompanhando a estrutura da rede urbana brasileira. CONCLUSÕES: A identificação das redes estabelecidas no âmbito do SUS para o atendimento de crianças e adolescentes com câncer mostra que a maioria dos pacientes está contemplada pelas redes estruturadas. Cerca de 10% das viagens ocorrem fora do fluxo dominante, indicando a necessidade de regionalização alternativa. Os resultados evidenciam a importância do planejamento da distribuição dos serviços de acordo com as necessidades da população usuária.

  17. Conductas de ciberadicción y experiencias de cyberbullyng entre adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pilar Arnaiz

    Full Text Available La relación de los jóvenes con las tecnologías plantea diversos riesgos como la ciberadicción y el cyberbullying. Este estudio analiza el consumo que una muestra de adolescentes hace del móvil y del ordenador, de conductas de ciberadicción, y de bullying y cyberbullying., teniendo en cuenta su relación con el sexo y el nivel educativo. También se relaciona el consumo con la supervisión familiar durante la conexión a la red. Se aplicó un cuestionario autoinformado a 1353 adolescentes escolares de Educación Secundaria y Bachillerato, de un rango de edad de 12-21 años (M = 14.8; DT = 1.62; 52.8% varones. Los resultados indican que el consumo medio del móvil y del ordenador se encuentra entre 1-2 horas al día. Casi un 13% se encuentra en situación de ciberadicción y el 32% en situación de riesgo. Se aprecian diferencias por sexo y nivel educativo. Se constata un mayor nivel de incidencia del bullying (12% frente al cyberbullying (7.7%, así como una considerable asociación entre estas conductas y el consumo de medios. La supervisión familiar actúa como factor de protección. Estos resultados plantean la necesidad de alentar a adolescentes y educadores sobre la importancia de educar en los riesgos del abuso de las tecnologías.

  18. Interações entre mães e adolescentes e os problemas de comportamento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gabriela Mello Sabbag

    2015-01-01

    Full Text Available El estudio trata de describir y comparar los problemas de conducta, en grupos de riesgo y sin riesgo para diagnósticos de problemas, la competencia y las habilidades sociales y las interacciones sociales que se establecen entre las 24 madres y sus hijos adolescentes. El Inventario de Estilo Parental (IEP permitió la composición de los grupos, la Child Behavior Checklist (CBCL y el Guión de Entrevista de Habilidades Sociales para Educación de los Padres (RE-HSE-P se utilizaron para recopilar datos. Los diagnósticos de los problemas de comportamiento (Tablas de contingencia de prueba y las interacciones sociales (Mann-Whitney se compararon entre los grupos. Las interacciones se diferencian en que las madres del grupo sin riesgo cuando se comunican, expresan sentimientos y establecen límites, los niños responden con habilidades sociales. Al contrario, los grupos de riesgo, cuando las madres emiten estas conductas, los adolescentes responden con problemas de conducta. Se discuten las implicaciones de los hallazgos para esta población.

  19. Impacto da religiosidade na relação entre pais e filhos adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Sesti Becker

    2015-01-01

    Full Text Available La calidad de la relación familiar se establece como el vínculo entre los miembros de la familia, cuando guiados por los factores de protección, convirtiéndose especialmente relevante en la adolescencia. En esta perspectiva, las prácticas religiosas han afectado a la relación familiar, pero han sido poco exploradas en las encuestas nacionales. Teniendo en cuenta lo anterior, esta investigación estudió el impacto que un movimiento cristiano ejerce sobre la calidad de la relación entre padres e hijos adolescentes. El estudio fue caracterizado como cualitativo, utilizando para la recolección de datos la técnica de grupos focales con un grupo de padres y otro de adolescentes. Los datos fueron analizados a partir del análisis de contenido categórico dividido en cuatro categorías. Quedó evidente que la adhesión al movimiento religioso constituye una red de apoyo social y afectivo y permitió cambios en el subsistema de la familia filial e conyugal, así como en las prácticas educativas y de participación de los padres.

  20. Associação entre comportamentos de risco à saúde de pais e adolescentes em escolares de zona rural de um município do Sul do Brasil Association between health risk behaviors in parents and adolescents in a rural area in southern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Chirle de Oliveira Raphaelli

    2011-12-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar a associação entre comportamentos de risco à saúde dos pais e adolescentes escolares de zona rural. Participaram 377 escolares entre 10 e 18 anos e 338 pais. Foram analisados: nível de atividade física no lazer e deslocamento, hábitos de alimentação inadequados, excesso de peso, uso de cigarros e consumo de bebidas alcoólicas. A prevalência de relato de uso de cigarro e álcool nos últimos 30 dias entre os jovens foi de 6,7% e 27%, respectivamente. Quarenta e cinco por cento dos adolescentes não atingiram o escore de atividade física. A adesão aos passos para uma alimentação saudável foi baixa. A atividade física dos adolescentes esteve relacionada de forma positiva com a dos pais, e o consumo de álcool da mãe se associou de forma positiva com o consumo do adolescente. Para os outros comportamentos, não houve associação significativa. Na análise estratificada por sexo, o nível de atividade física do pai se associou ao nível de atividade física das meninas. O comportamento de risco à saúde dos pais associa-se ao mesmo comportamento dos adolescentes de zona rural.This article aimed to assess the association between health risk behaviors in parents and adolescents in a rural area. The sample included 377 schoolchildren 10 to 18 years of age and 338 parents. The following variables were analyzed: level of leisure-time and commuting physical activity, inadequate eating habits, overweight/obesity, smoking, and alcohol consumption. Prevalence rates for smoking and alcohol consumption by adolescents in the previous 30 days were 6.7% and 27%, respectively. Forty-five percent of adolescents failed to reach the target physical activity score. Adherence to steps to healthy eating was low. Physical activity in adolescents was positively associated with that of parents, and adolescent drinking was associated with maternal alcohol consumption. There was no significant association for other behaviors. In the

  1. Efetividade de website de educação em saúde bucal para adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    priscilla Bittencourt de Almeida figueiredo

    2014-09-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo: Avaliar a efetividade de um website desenvolvido como ferramenta de educação em saúde bucal para adolescentes. Métodos: Estudo experimental realizado no município de Belém-PA, no período entre agosto e novembro/2012. A amostra foi composta por 160 escolares, na faixa etária de 11 a 15 anos, de escolas pública e particular. Dois grupos foram formados, sendo um grupo experimental com participação em atividade educativa, com diferencial de acesso a um website contendo informações sobre saúde bucal para adolescentes. Os dados foram coletados por meio de dois questionários auto-administrados aos alunos antes e depois da intervenção educativa. Foram verificadas variáveis de conhecimentos e atitudes sobre saúde bucal. A análise dos dados foi a partir do Teste Qui-quadrado para verificar a associação entre as variáveis categóricas e da Análise de Variância (ANOVA um critério e Teste de Tukey para comparação da quantidade de acertos das questões. Resultados: Observou-se que os escolares, de ambos os grupos, após as atividades educativas, obtiveram bom conhecimento acerca das questões sobre cárie e etiologia do câncer bucal, tendo os escolares do grupo experimental apresentado melhor desempenho sobre esses temas. A maioria dos escolares participantes da pesquisa nunca realizou o autoexame bucal e não possuem conhecimento adequado sobre doença periodontal. Conclusão: O método educativo experimental avaliado demonstrou-se parcialmente efetivo na modificação de conhecimentos sobre doença periodontal. Em contrapartida, foi significantemente efetivo sobre a cárie dentária e os métodos de higienização bucal.

  2. Espondilite tuberculosa em adolescente Tuberculous spondylitis in teenager

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marta Maciel Lyra Cabral

    2005-06-01

    Full Text Available Relata-se o caso de uma adolescente com tuberculose osteoarticular em coluna lombossacral, uma localização incomum. O seu diagnóstico permanece um desafio por apresentar sintomas gerais inespecíficos e lesões ósseas que podem ser confundidas com outras afecções. A doença é degenerativa e de prognóstico reservado. São discutidos aspectos clínicos, laboratoriais e de imagem, incluindo tomografia computadorizada e ressonância magnética. A reação em cadeia da polimerase, usando o marcador IS 6110 para M. tuberculosis, foi positiva, sugerindo fortemente a presença do patógeno. Este ensaio é particularmente indicado quando se exige um diagnóstico de tuberculose rápido e sensível.This article presents a case report of osteoarticular tuberculosis affecting lumbar sacral column non-typical attack. The diagnosis remains a medical challenge because the symptoms and bone lesions are not specific and can be mislead with other morbidity such as inflammatory, circulatory, metabolic, traumatic, congenital and tumoral diseases. The disease is degenerative and the prognosis not satisfactory. Besides the clinical aspects and laboratory, imaging results, including computed tomography and magnetic ressonance, are discussed. A PCR system targeting the IS 6110 of M. tuberculosis was positive, strongly suggesting the presence of this pathogen. This assay would be particularly indicated when quick and sensitive diagnosis of tuberculosis is required.

  3. Levantamento de problemas comportamentais/emocionais em um ambulatório para adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Benedita Salete Costa Lima Valverde

    2012-12-01

    Full Text Available Este estudo teve como objetivo identificar os principais problemas comportamentais e emocionais percebidos por adolescentes que frequentam um ambulatório de saúde. Participaram 320 adolescentes que não estavam em atendimento psicoterápico e que responderam, na sala de espera de um ambulatório, o Youth Self Report. O principal problema relatado foi Ansiedade/Depressão. Os meninos obtiveram escores mais altos em Problemas Sociais e mais baixos em Comportamento Delinquente; as meninas apresentaram-se com menos problemas no agrupamento Problemas Somáticos e com mais problemas em Ansiedade/Depressão. Quanto à faixa etária, observou-se que Problemas Sociais esteve associado ao início da adolescência. Quanto à incidência, menos de um quarto dos adolescentes apresentaram-se com problemas, sugerindo que a adolescência não é um período de turbulência. Observou-se que alguns adolescentes necessitam de uma avaliação mais detalhada, pois relataram comportamentos indicativos de transtornos mentais. Conclui-se a necessidade de profissionais de saúde mental integrarem a equipe de saúde que atende adolescentes.

  4. Relationships between parenting styles and risk behaviors in adolescent health: an integrative literature review Relaciones entre los tipos de padres y comportamientos de riesgo en la salud del adolescentes: una revisión bibliográfica integrada Relações entre modelos de pais e comportamentos de risco na saúde do adolescente: uma revisão integrativa da literatura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kathy Newman

    2008-02-01

    adolescente, incluyendo desarrollo académico y adaptación psico-social. Cuidadosas evaluaciones sobre los tipos de padres estándar en poblaciones diversas será una próxima etapa crítica para el desarrollo de intervenciones eficaces y adaptadas culturalmente para la promoción de la salud del adolescente.Pesquisas realizadas durante os últimos 20 anos sugerem que a qualidade da relação entre pais e adolescentes tem obtido impacto significante no desenvolvimento de comportamentos de risco a saúde dos adolescentes. A finalidade deste estudo é apresentar uma revisão bibliográfica de estudos publicados entre o ano de 1996 e 2007, que analisam relações especificas entre modelos de pais e seis principais comportamentos de risco em adolescentes. Os adolescentes crescidos sob disciplina autoritária demonstraram consistentemente mais comportamentos seguros e menos comportamentos de risco comparados a adolescentes vindos de famílias não autoritárias. O modelo dos pais e comportamentos relacionados a afetividade, comunicação familiar e práticas disciplinares, predizem importantes mediadores na formação do adolescente, incluindo o desenvolvimento acadêmico e o ajuste psico-social. Avaliações cuidadosas de modelos padrões de pais em diversas populações, será uma próxima etapa crítica no desenvolvimento de intervenções eficazes e culturalmente adaptadas, na promoção de saúde a adolescentes.

  5. Variáveis pessoais e contextuais associadas a comportamentos de risco em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jana Gonçalves Zappe

    2016-03-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo Este estudo investigou o engajamento de adolescentes brasileiros em comportamentos de risco (uso de substâncias, comportamento sexual de risco, comportamento antissocial e comportamento suicida, buscando identificar os fatores de risco e proteção pessoais e contextuais mais associados com esses comportamentos. Métodos Participaram 1.332 adolescentes de 12 a 19 anos (M = 15,68; DP = 1,60, de ambos os sexos. Resultados O engajamento em comportamentos de risco variou em função da idade e do sexo, e o uso de substâncias foi o tipo de comportamento de risco mais prevalente entre os que foram investigados. Os fatores significativamente associados à adoção desses comportamentos foram violência intra- e extrafamiliar, ter amigos próximos ou familiares que usam drogas, eventos estressores e elevado nível de autoeficácia; enquanto os fatores que se mostraram protetores foram elevado nível de autoestima, expectativas positivas quanto ao futuro e percepção de positividade nas relações com família, escola, religião e comunidade. Conclusão O estudo permitiu identificar algumas características da manifestação de comportamentos de risco na adolescência, com destaque para a prevalência mais alta do uso de substâncias e a coocorrência de diferentes tipos de comportamentos de risco. Dentre os fatores de risco mais associados com o engajamento em comportamentos de risco, destacaram-se a presença de eventos estressores ao longo da vida e a proximidade com amigos que usam drogas. A partir disso, sugere-se investir na minimização de fatores de risco e na potencialização de fatores protetivos para a promoção do desenvolvimento saudável durante a adolescência.

  6. SIGNIFICADO DE LAS FUNCIONES FAMILIARES EN ADOLESCENTES ITALIANOS. NUEVAS FRONTERAS ENTRE PATERNO Y MATERNO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maricela Osorio Guzmán

    2008-07-01

    Full Text Available El presente estudio tuvo como objetivo explorar el significado que una muestra de adolescentes y adolescentes tardíos del sur de Italia atribuye a las funciones familiares, para analizar la relación entre la percepción de las transformaciones de las funciones paternas y maternas —en particular la carencia de roles normativos y de contención afectiva— y la agresividad como modalidad preferencial de gestión del conflicto. Se aplicó un diferencial semántico (DF, De Rosa, Parrello, & Sommantico, 2006 y un instrumento de agresividad, adaptado a población europea (AQ, Buss & Perry, 1992, 2003 a 259 sujetos, de edad comprendida entre los 17 y los 35 años, divididos en dos grupos, 139 de bachillerato y 120 de licenciatura. Los resultados del análisis del DF indicaron un perfil monofactorial, a diferencia del trifactorial obtenido por Osgood, Suci y Tannembaum (1957, mientras que en el AQ se encontraron diferencias significativas entre la media de la agresividad general (ξ=2,73 y factores del instrumento como agresividad verbal (ξ=3,29, la rabia (ξ=2,86 y hostilidad (ξ=2,86. Se concluye que las cualidades de tamaño y seguridad le son atribuidas específicamente a la madre, y que el nivel de agresividad verbal supera el índice de agresividad general.

  7. ¿Existen diferencias en riesgo sexual entre adolescentes heterosexuales y no heterosexuales?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandra Morales

    2013-12-01

    Full Text Available El propósito de este estudio transversal descriptivo es analizar la relación entre la orientación sexual informada y el riesgo sexual durante la adolescencia, examinando factores cognitivos, actitudinales y comportamentales. Participaron 815 adolescentes españoles (15-18 años de ambos sexos, de los que 5% se autodefinió como no heterosexual (n = 40. Se evaluó comportamiento sexual, conocimientos y actitud hacia el VIH, norma percibida y búsqueda de sensaciones sexuales. Se realizaron grupos equitativos para los análisis estadísticos. Los adolescentes no heterosexuales emplean el preservativo más consistentemente y presentan una actitud más favorable hacia este método de protección cuando existen obstáculos respecto a los heterosexuales. La orientación sexual predijo el uso preservativo en el 90% de las relaciones sexuales. Los resultados sugieren que la preferencia sexual tiene un efecto significativo en la asunción del riesgo sexual.

  8. Comunicación familiar y toma de decisiones en sexualidad entre ascendientes y adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valentina González

    2017-01-01

    Full Text Available Los individuos adolescentes aprenden de sexualidad a través de diferentes medios, pero la familia es uno de los primeros agentes socializadores y es la encargada, a través de la comunicación, de trasmitir información sobre ésta. Este estudio tiene como objetivo describir los procesos de comunicación que se establecen entre padres y madres con sus hijos e hijas adolescentes para entablar diálogos sobre sexualidad y su relación con la toma de decisiones, en dos familias pertenecientes a instituciones educativas de Cali. A través de esta investigación cualitativa encontramos que los procesos de comunicación, los temas abordados y los recursos empleados, están influidos por los conocimientos y percepciones de los ascendientes, en quienes la sexualidad aún es un tabú y tienen carencia de información y de estrategias de acompañamiento.

  9. Fatores de risco associados ao excesso de peso entre adolescentes da Região Oeste Paulista Factores de riesgo asociados al exceso de peso entre adolescentes de la Región Oeste Paulista Risk factors associated with overweight among adolescents from Western São Paulo state

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rômulo Aráujo Fernandes

    2009-12-01

    Full Text Available Analisar a associação entre excesso de peso e diferentes fatores de risco familiares em adolescentes da região oeste do estado de São Paulo. Estudo transversal com 1779 adolescentes de ambos os sexos, e idade compreendida entre 11 e 17 anos. Calculou-se o índice de massa corporal e os fatores de risco familiares foram analisados por meio de questionário. O excesso de peso foi associado com o sexo masculino (RC=1,55 [1,22-1,97], estudar em escola particular (RC=2,14 [1,56-2,94] e maior escolaridade materna (RC=0,52 [0,33-0,83]. Iniciativas de combate à obesidade devem ser instauradas em meio escolar e atingir toda a estrutura familiar, bem como levar em consideração particularidades decorrentes do sexo.Analizar la asociación entre exceso de peso y diferentes factores de riesgo familiares en adolescentes de la región oeste del estado de São Paulo. Estudio transversal con 1779 adolescentes de ambos sexos, y edad comprendida entre 11 y 17 años. Se calculó el índice de masa corporal; los factores de riesgo familiares fueron analizados por medio de cuestionario. El exceso de peso fue asociado con: sexo masculino (RC=1,55 [1,22-1,97], estudiar en escuela particular (RC=2,14 [1,56-2,94], y mayor escolaridad materna (RC=0,52 [0,33-0,83]. Iniciativas de combate a la obesidad deben ser instauradas en el medio escolar y alcanzar a toda la estructura familiar, así como llevar en consideración particularidades provenientes del sexo.The objective of this study was to analyze the association between being overweight and family risk factors in adolescents from Western Sao Paulo state. This cross-sectional study involved 1779 adolescents of both genders and with ages ranging between 11 and 17 years. The participants' body mass index was calculated, and the family risk factors were analyzed through a questionnaire. Excessive weight was associated with the male gender (CR=1.55 [1.22-1.97], studying in a private school (CR=2.14 [1.56-2.94] and

  10. Percepção de segurança no bairro e tempo despendido em frente à tela por adolescentes de Curitiba, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Crisley Vanessa Prado

    Full Text Available RESUMO: Objetivo: Analisar a associação entre a percepção de segurança (PS no bairro e o tempo despendido em frente à tela pelos adolescentes e verificar o papel moderador das variáveis sexo, idade e nível socioeconômico nessa relação. Métodos: Trata-se de um estudo transversal, com inquérito escolar realizado em Curitiba, Paraná. Inicialmente foram selecionadas, de modo intencional, seis escolas (três públicas e três privadas, e em seguida foi sorteada uma turma de cada período de ensino (sexto ano do ensino fundamental ao terceiro ano do ensino médio. A PS foi avaliada com a escala NEWS-Y, e o tempo diário despendido em frente à tela foi definido por aquele passado diante da televisão/vídeo/DVD, jogando videogame e utilizando a internet. Modelos de regressão logística multinomial foram utilizados para testar a associação entre a PS e essa atividade, ajustando para as variáveis moderadoras. Resultados: Participaram do estudo 776 adolescentes, com idade entre 11 e 18 anos. A PS relacionada aos crimes foi associada com o uso de videogame por adolescentes mais velhos, no sentido contrário ao esperado (p < 0,05. A PS relacionada ao tráfego de pedestres foi associada inversamente ao uso de videogame por adolescentes de maior nível socioeconômico (p < 0,05. Conclusão: A associação entre PS e tempo despendido em frente à tela é complexa para os adolescentes e difere em relação às variáveis sociodemográficas e o desfecho analisado (televisão/vídeo/DVD, videogame e internet.

  11. Sobrepeso entre adolescentes de escolas particulares de Fortaleza, CE, Brasil Sobrepeso entre adolescentes de escuelas privadas de Fortaleza, CE, Brasil Overweight among adolescents from private schools in Fortaleza, CE, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcio Flávio Moura Araújo

    2010-08-01

    Full Text Available O objetivo da pesquisa foi identificar casos de excesso de peso em adolescentes de escolas particulares de Fortaleza - Brasil. Foram investigados 794 estudantes entre 12 e 17 anos de idade, de 12 escolas privadas, nos meses de março-junho e agosto-setembro de 2007. A prevalência de sobrepeso e obesidade foi, respectivamente, de 20% e 4%. O sobrepeso foi maior, e duplicado os casos de obesidade, naqueles que mantinham o hábito de assistir tevê durante as refeições (p= 0, 000. Cerca de 28% dos jovens ativos apresentavam excesso de peso (p El objetivo de la investigación fue identificar los casos de sobrepeso en adolescentes de escuelas privadas de Fortaleza-Brasil. Fueron investigados 794 estudiantes entre 12 y 17 años, de 12 escuelas privadas, en los meses de marzo-junio y agosto-septiembre de 2007. La prevalencia de sobrepeso y obsedidad fue de 20% y 4%, respectivamente. La acumulación de peso fue mayor y los casos de obesidad fue dos veces más, en los que tenían la costumbre de asistir a la tele al alimentarse (p= 0, 000. Sobre 28% de los jóvenes que practicaban actividad física regularmente presentaban sobrepeso (p The purpose of the study was to identify cases of overweight among adolescents in private schools in Fortaleza, Brazil. We investigated 794 students between 12 and 17 years old from 12 private schools, in the months March to June and August-September 2007. The prevalence of overweight and obesity was 20% and 4%, respectively. Among the young people who watch TV while eat, the weight accumulated was higher and the cases of obesity was the double (p = 0, 000. About 28% of people who practiced regular physical activity were overweight (p <0, 001. In the fight against adolescent adiposity, to the nursing is primarily the preventive actions, because attenuate various pathological effects related to the accumulation of body weight.

  12. Personalidade psicopática em uma amostra de adolescentes infratores brasileiros Psychopathy personality in a sample of young Brazilian offenders

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Schmitt

    2006-01-01

    Full Text Available CONTEXTO: Evidências apontam que adolescentes infratores graves (autores de homicídio, estupro e latrocínio possuem personalidade psicopática e risco aumentado de reincidência criminal, mas não apresentam maior prevalência de história de abuso na infância do que outros adolescentes infratores. OBJETIVO: Comparar a psicopatia, a reincidência criminal e a história de maus-tratos entre adolescentes infratores versus a vida e outros adolescentes infratores. MÉTODO: Estudo transversal, controlado, utilizando a escala Hare's Psychopathy Checklist Revised (PCL-R para avaliação de psicopatia em uma amostra de adolescentes cumprindo medida socioeducativa em decorrência da prática de ato infracional. RESULTADOS: Os adolescentes que cometeram crimes contra a vida apresentaram prevalência de psicopatia maior do que outros adolescentes infratores - RP = 2,86 (IC95% 1,49-5,47. A reincidência criminal foi mais prevalente entre os adolescentes que possuíam psicopatia e história de crimes contra a vida - RP = 2,96 (IC95% 1,32-6,60. O estudo não conseguiu demonstrar prevalência significativa de história de abuso na infância entre os adolescentes com psicopatia em comparação ao grupo-controle - RP = 0,88 (IC95% 0,66-1,15. CONCLUSÕES: Os resultados sugerem prevalência aumentada de personalidade psicopática e reincidência criminal entre os adolescentes autores de crimes contra a vida quando comparados a outros adolescentes infratores.BACKGROUND: Evidences point out that the young offenders involved with major crimes (such as homicide, rape and violent robbery have psychopathic personality, with greater risk of recidivism but do not have a higher prevalence of childhood abuse history compared to other young delinquents. OBJECTIVE: To compare the psychopathy, criminal recidivism. However, incidence of childhood abuse is similar to other young delinquents groups. METHODS: Cross-sectional study, controlled, using the Hare's Psychopathy

  13. Estilos parentais e consumo de drogas entre adolescentes: revisão sistemática Estilos parentales y el consumo de drogas entre adolescentes Parental styles and consumption of drugs among adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Santana de Paiva

    2009-03-01

    Full Text Available Na tentativa de compreender o consumo abusivo de álcool e outras drogas durante a adolescência, inúmeras pesquisas têm apontado a família como um importante fator de risco ou proteção. Diante disso, o presente artigo teve por objetivo realizar uma revisão sistemática a respeito de trabalhos científicos sobre a associação entre os estilos e práticas parentais de socialização e o consumo de substâncias psicoativas entre adolescentes. Os artigos foram pesquisados em três bancos de dados - Medline, Adolec e Pubmed, sendo utilizados dois descritores de busca bibliográfica: parental styles e parental monitoring juntamente com substance use. A amostra final se constituiu de 30 artigos, provenientes de diferentes países. Através dos resultados deste trabalho, foi possível constatar uma significativa associação entre o consumo abusivo de álcool e outras drogas na adolescência e os estilos e práticas parentais. Estes achados apontam a importância de se conhecer essa relação no contexto brasileiro.En el intento de comprenderse el consumo abusivo de alcohol y otras drogas durante la adolescencia, innúmeras investigaciones apuntan la familia como un importante factor de riesgo o protección. Así, el presente artículo tuvo como objetivo realizar una revisión sistemática sobre trabajos científicos relativos a la asociación entre los estilos y prácticas parentales de socialización y el consumo de sustancias psicoactivas entre adolescentes. Los artículos fueran investigados en tres bancos de datos - Medline, Adolec y Pubmed, siendo utilizados dos descriptores en la búsqueda bibliográfica: parental styles y parental monitoring juntamente con substance use. La muestra final fue constituida por 30 artículos provenientes de diferentes países. A través de los resultados de este trabajo, fue posible constatar una significativa asociación entre el consumo abusivo de alcohol y otras drogas en la adolescencia y los estilos y

  14. Adversidade familiar e problemas comportamentais entre adolescentes infratores e não-infratores Adversidad familiar y problemas de comportamiento entre adolescentes infractores y no-infractores Family adversity and behavior problems among adolescent offenders and non-offenders

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Delfina Farias Dias Tavares da Silva

    2008-12-01

    Full Text Available O presente estudo comparou adolescentes infratores e não-infratores com relação a dois aspectos: grau de adversidade familiar e grau de concordância entre a autopercepção e a percepção dos pais sobre problemas de comportamento dos jovens. Participaram deste estudo 40 adolescentes, 23 atendidos no Centro de Atenção e Apoio ao Adolescente (UNIFESP e 17 adolescentes considerados infratores sob intervenção da Vara da Infância e da Juventude da comarca de Santos. Os instrumentos utilizados foram o Child Behavior Checklist (CBCL, Youth Self Report (YSR e o Índice de Adversidade Familiar de Rutter. O Índice de Adversidade Familiar do grupo de adolescentes infratores foi significativamente maior. Os resultados apontaram ainda que, embora a diferença não tenha sido estatisticamente significante, a porcentagem dos escores de discordância nas percepções sobre problemas de comportamento foi maior entre os adolescentes infratores e seus pais.El presente estudio ha comparado adolescentes infractores y no-infratores con relação a dos aspectos: 1 Grado de adversidad familiar y 2 Grado de concordancia entre la autopercepción y la percepción de los padres sobre problemas de comportamiento de los jóvenes. Participaron de este estudio 40 adolescentes, 23 atendidos en el Centro de Atención y Apoyo al Adolescente (UNIFESP y 17 adolescentes considerados infractores bajo intervención de la jurisdicción de la Infancia y de la Juventud de la comarca de Santos. Los instrumentos utilizados fueron el Child Behavior Checklist (CBCL, Youth Self Report (YSR y el índice de adversidad familiar de Rutter. El índice de adversidad familiar del grupo de adolescentes infractores fue significativamente mayor. Los resultados apuntaron, aunque la diferencia no haya sido estadisticamente significante, que el porcentaje de las puntuaciones de discordancia en las percepciones sobre problemas de comportamiento fue mayor entre los adolescentes considerados

  15. Qualidade de vida entre adolescentes: estudo seccional empregando o SF-12

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marise Fagundes Silveira

    2013-07-01

    Full Text Available A adolescência é um período em que comportamentos potencialmente lesivos ao estado de saúde podem ser iniciados. A avaliação da qualidade de vida nesse contingente torna-se útil para a identificação de grupos em maior risco para comprometimento do bem estar geral. O presente estudo objetivou avaliar a qualidade de vida e fatores associados em uma amostra de 754 adolescentes, com faixa etária de 15 a 19 anos. Para a mensuração da qualidade de vida foi utilizada a versão na língua portuguesa do questionário 12-Item Short-Form Health Survey (SF 12. Os resultados apontaram níveis satisfatórios de qualidade de vida, sendo estes maiores com a prática frequente de atividade física e a ausência de condições como atividades trabalhistas e consumo de tabaco e bebida alcóolica. O sexo feminino foi correlacionado a menores escores em aspectos mentais da qualidade de vida.

  16. Associação de sintomas de rinoconjuntivite e asma em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rita de Cássia C.M. Brito

    2009-07-01

    Full Text Available Resumo: Objectivos – Determinar a prevalência da associação de sintomas de rinoconjuntivite e asma em adolescentes, analisar se os sintomas de asma são mais intensos e frequentes entre os adolescentes com sintomas de rinoconjuntivite alérgica e avaliar se os adolescentes reconhecem os sintomas de rinoconjuntivite.Métodos – Realizou-se um estudo do tipo corte transversal com dois componentes: um estudo de prevalência e um estudo entre casos (sintomas de rinoconjuntivite, com um grupo de comparação (ausência de sintomas de rinoconjuntivite a partir de informações dos questionários aplicados na fase 3 do ISAAC, no ano de 2002, na cidade do Recife.Resultados – A prevalência da associação de sintomas de rinoconjuntivite e de provável asma foi de 5,1% (48/940; IC 95%: 3,8 %-6,6%, apenas de asma de 10,9% (103/940; IC 95%: 9,1%-13,1% e de rinoconjuntivite isolada foi de 9,7% (91/940; IC 95%: 7,9%-13%. Entre os adolescentes com sintomas de rinite, 81,3% (39/48 tinham provável asma persistente, 31,8% (48/151 dos com sintomas de asma referiam também sintomas de rinoconjuntivite. Não reconheciam os sintomas de rinoconjuntivite 65,1% (86/132 dos adolescentes que apresentavam esses sintomas.Conclusão – A associação de sintomas de rinoconjuntivite e asma é frequente e está associada à maior gravidade dos sintomas de asma. O facto de os adolescentes não reconhecerem os sintomas de rinoconjuntivite reflecte o subdiagnóstico, que pode resultar na desvalorização dos sintomas e, consequentemente, no tratamento inadequado.Rev Port Pneumol 2009; XV (4: 613-628 Abstract: Aim – Our study aimed to determine the rate of association of rhinoconjunctivitis and asthma symptoms in adolescents to analyse whether asthma symptoms are more severe and frequent in asthmatics with concomitant allergic rhinitis and assess if adolescents are aware of having

  17. Broncoespasmo induzido pelo exercício em crianças e adolescentes com diagnóstico de asma

    OpenAIRE

    Cassol,Vitor E.; Trevisan,Maria E.; Moraes,Eliane Z. C. de; Portela,Luiz O. C.; Barreto,Sérgio Saldanha Menna

    2004-01-01

    INTRODUÇÃO: A broncoconstrição temporária após o exercício físico tem elevada prevalência em crianças e adolescentes asmáticos. OBJETIVO: Determinar a freqüência e gravidade do broncoespasmo induzido pelo exercício em crianças e adolescentes, com diagnóstico clínico de asma leve, moderada e grave. MÉTODO: Foi realizado um estudo descritivo, tipo transversal, não controlado. A amostra constituiu-se de 40 indivíduos asmáticos, de ambos os sexos, com idade entre 7 e 18 anos, que não utilizavam r...

  18. Bem-estar subjectivo e envolvimento escolar em adolescentes de etnia cigana

    OpenAIRE

    Lopes, Sandra Raquel da Silva

    2012-01-01

    Exame público realizado em 27 de Julho de 2012. Dissertação de mestrado realizada no âmbito do Mestrado em Psicologia da Educação. Os alunos de etnia cigana são uma população em especial risco de abandono escolar, em parte devido ao nível elevado de absentismo e ao baixo rendimento académico. BES e o envolvimento escolar estão positivamente correlacionados em adolescentes, e o envolvimento escolar tem sido considerado um forte preditor do rendimento académico e abandono escolar. Contudo...

  19. Riscos para o excesso de peso entre adolescentes de diferentes classes socioeconômicas Risk of overweight in adolescents from different socioeconomic levels

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rômulo Araújo Fernandes

    2008-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a associação entre fatores de risco e a presença do excesso de peso entre adolescentes de diferentes classes socioeconômicas. MÉTODOS: Análise transversal, da qual participaram 888 jovens de ambos os sexos e com idade variando entre 11 e 17 anos. O índice de massa corporal foi calculado por meio dos valores de massa corporal e estatura, e utilizado como indicador do excesso de peso. A atividade física, a ingestão alimentar e a classe socioeconômica (alta e baixa foram analisadas mediante a aplicação de questionários. Os dados foram analisados estatiscamente por meio dos testes Qui quadrado e regressão logística binária. RESULTADOS: Para os adolescentes de classe socioeconômica baixa, uma inadequada ingestão alimentar (Razão de chance [RC]= 4,59 e o sobrepeso dos pais (RC= 5,33 foram associados à presença do excesso de peso. Entre os adolescentes de classe socioeconômica alta, a escolaridade materna (RC= 0,57, estudar em escola privada (RC= 3,04 e o sobrepeso dos pais (RC= 3,47 foram associados à presença do excesso de peso. CONCLUSÃO: Em ambas as classes socioeconômicas, o sobrepeso dos pais foi um importante fator de risco associado ao excesso de peso. Os outros fatores de risco diferiram entre as classes socioeconômicas.BACKGROUND: To analyze the association between risk factors and presence of overweight in adolescents from different socioeconomic levels. METHODS: A cross-section analysis with 888 youths recruited from both genders with ages ranging from 11 to 17 years was carried out. The body mass index was calculated through body mass and height values, and was used as the overweight indicator. Physical activity, food intake, and socioeconomic levels (high and low were obtained by questionnaires. Data were analyzed by chi-square test and binary logistic regression. RESULTS: For adolescents in the lower socioeconomic level, both inadequate food intake (Odds Ratio [OR]= 4.59 and parent overweight

  20. Em busca da eficiência: visibilidade internacional da produção científica dos programas brasileiros de pós-graduação em saúde infantil e do adolescente entre 1998 e 2003 Pursuing efficiency: international visibility of the scientific production of Brazilian graduate programs in child and adolescent health from 1998 through 2003

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Z. Goldani

    2007-10-01

    Full Text Available OBJETIVO:Avaliar a tendência do número de publicações oriundos dos programas de pós-graduação brasileiros em saúde da criança e do adolescente e a proporção de citações desses artigos no MEDLINE e no Journal Citation Reports (JCR, utilizando a primeira base de dados como medida de eficiência e a última como indicador de visibilidade. MÉTODOS: Avaliamos 14 programas de pós-graduação quanto ao número de teses, dissertações e artigos citados no MEDLINE e JCR, através de dados secundários das duas últimas avaliações trienais realizadas pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES, de 1998 até 2000 e de 2001 até 2003. RESULTADOS:O número de artigos publicados aumentou (de 1.520 para 1.917, bem como o número mediano de artigos citados tanto no MEDLINE (de 32,5 para 45 como no JCR (de 24,5 para 27. O número mediano de dissertações aumentou de 19,5 para 26,5; o número mediano de teses cresceu de 12 para 13,5. O número mediano de orientadores diminuiu (de 21,5 para 18,4. CONCLUSÃO: Os programas de pós-graduação em saúde infantil e do adolescente tornaram-se mais eficientes quanto à produção de conhecimento através da publicação de mais artigos com maior visibilidade internacional. Tal tendência foi acompanhada contraditoriamente pela redução no número de orientadores.OBJECTIVE:To assess the trend in the number of published articles by Brazilian graduate programs in child and adolescent health and the proportion of such publications cited in MEDLINE and Thomson Scientific's Journal Citation Reports (JCR, using the former database as a proxy for efficiency and the latter as an indicator of visibility. METHODS: We assessed the trends of 14 graduate programs concerning the number of theses, dissertations, and articles cited in MEDLINE and JCR, through secondary data from the latest two triennial evaluations carried out by the Brazilian Federal Agency for the Improvement of

  1. Riscos cardiovasculares em adolescentes com diferentes graus de obesidade Riesgos cardiovasculares en adolescentes con diferentes grados de obesidad Cardiovascular risks in adolescents with different degrees of obesity

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Silvia Ferrari Lavrador

    2011-03-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Há poucos estudos sobre riscos cardiovasculares em adolescentes com diferentes graus de obesidade. OBJETIVO: Avaliar repercussões metabólicas associadas a diferentes graus de obesidade em adolescentes e seu impacto nos riscos cardiovasculares. MÉTODOS: Estudo transversal com 80 adolescentes obesos, divididos em dois grupos: 22,5, denominados obesos com menor e maior grau de obesidade, respectivamente. Foram realizados exame físico e avaliação bioquímica e de composição corporal. Para a análise estatística, foram aplicados os testes t-Student e qui-quadrado, com a finalidade de comparar os dois grupos. Modelo logístico múltiplo foi utilizado para verificar as associações entre variáveis bioquímicas e grau de obesidade. Foram desenvolvidos escores de risco para doença cardiovascular, de acordo com o número de alterações encontradas nas seguintes variáveis: glicemia de jejum, triglicérides, HDL e PA. Foram verificadas associações entre esses escores e o grau de obesidade. RESULTADOS: Os dois grupos diferiram em valores de peso, circunferência da cintura, glicemia e insulina de jejum, HOMA-IR, triglicérides, HDL, PA e medidas de composição corporal (pFUNDAMENTO: Existen pocos estudios sobre riesgos cardiovasculares en adolescentes con diferentes grados de obesidad. OBJETIVO: Evaluar repercusiones metabólicas asociadas a diferentes grados de obesidad en adolescentes y su impacto en los riesgos cardiovasculares. MÉTODOS: Estudio transversal con 80 adolescentes obesos, divididos en dos grupos: 22,5, denominados obesos con menor y mayor grado de obesidad, respectivamente. Se llevaron a cabo examen físico y evaluación bioquímica y de composición corporal. Para el análisis estadística, se aplicaron las pruebas t-Student y chi-cuadrado, con la finalidad de comparar los dos grupos. Modelo logístico múltiple se utilizó para verificar las asociaciones entre variables bioquímicas y grado de obesidad. Se

  2. Peso medido, peso percebido e fatores associados em adolescentes Measured weight, self-perceived weight, and associated factors in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cora L. Araújo

    2010-05-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar a autopercepção corporal e o estado nutricional objetivamente medido por meio de peso, altura e pregas cutâneas em adolescentes e avaliar os fatores associados à discordância entre essas duas medidas. MÉTODOS: A amostra incluiu os membros da coorte de nascimentos de 1993 na Cidade de Pelotas, Estado do Rio Grande do Sul, Brasil, que foram visitados em seus domicílios em 2004 e 2005. O desfecho em estudo resultou da comparação entre o estado nutricional e a percepção que os adolescentes tinham de seu peso corporal, sendo dividido em três categorias: subestimação, concordância e superestimação. As variáveis explanatórias foram sexo, cor da pele, índice de bens, sedentarismo, dieta inadequada, discriminação, regime para emagrecimento e sentimento de bem-estar e opinião do adolescente sobre como os pais percebiam o corpo desse adolescente. Para as análises estatísticas, empregou-se regressão logística multinomial. RESULTADOS: Foram entrevistados 4 452 indivíduos (87,5% da coorte original. A média de idade foi de 11 anos. De acordo com o estado nutricional, 7,1% foram classificados como magros, 69,8% como eutróficos, 11,6% com sobrepeso e 11,6% com obesidade. Com relação ao peso percebido, 19% dos jovens se achavam magros ou muito magros, 56% se sentiam normais quanto ao peso e 25% se consideravam gordos ou muito gordos. A concordância global entre a autopercepção corporal do adolescente e seu estado nutricional foi de 65% (kappa = 0,36. A subestimação foi de 24,9% entre meninos vs. 20,3% entre meninas. A superestimação foi de 15,8 % entre meninas vs. 8,5% entre meninos. CONCLUSÃO: Houve tendência de as meninas superestimarem o seu peso corporal e de os meninos subestimarem o mesmo. Detectou-se também forte associação entre a opinião que os adolescentes acreditam que os pais têm de si e a autopercepção de estado nutricional dos adolescentes.OBJECTIVE: To compare weight self

  3. Modelo etiológico dos comportamentos de risco para os transtornos alimentares em adolescentes brasileiros do sexo feminino

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo de Sousa Fortes

    2016-01-01

    Full Text Available Resumo: O objetivo foi construir um modelo etiológico dos comportamentos de risco para os transtornos alimentares em adolescentes brasileiros do sexo feminino. Participaram 1.358 adolescentes de quatro cidades. Foram avaliados os comportamentos de risco para os transtornos alimentares, insatisfação corporal, pressões midiáticas, autoestima, estado de humor, sintomas depressivos e perfeccionismo por intermédio de escalas psicométricas. Peso, estatura e dobras cutâneas foram aferidos para calcular o índice de massa corporal (IMC e o percentual de gordura (%G. O modelo de equação estrutural explanou 76% da variância dos comportamento de risco (F(9, 1.351 = 74,50; p = 0,001. Os achados indicaram que a insatisfação corporal mediou a relação entre as pressões midiáticas, autoestima, estado de humor, IMC, %G e os comportamentos de risco (F(9, 1.351 = 59,89; p = 0,001. Vale destacar que embora os sintomas depressivos não tenham se relacionado com a insatisfação corporal, o modelo indicou relação direta com os comportamentos de risco para os transtornos alimentares (F(2, 1.356 = 23,98; p = 0,001. Concluiu-se que somente o perfeccionismo não aderiu ao modelo etiológico dos comportamentos de risco para os transtornos alimentares em adolescentes brasileiras.

  4. Asociación entre el desempeño escolar y la anemia en adolescentes en México

    OpenAIRE

    Mosiño, Alejandro; Villagómez-Estrada, Karen P.; Prieto-Patrón, Alberto

    2017-01-01

    En el presente artículo estudiamos la relación que existe entre el desempeño académico — medido por la asistencia a la escuela sin rezago — y la anemia utilizando una muestra de adolescentes mexicanos de entre 12 y 19 años de edad. Para lo anterior, utilizamos datos de la Encuesta Nacional de Salud y Nutrición 2012 (ENSANUT 2012) y empleamos modelos logísticos multivariados para estimar el coeficiente marginal. Encontramos que existe una asociación estadísticamente significativa entre la anem...

  5. CORRELAÇÃO ENTRE INDICADORES ANTROPOMÉTRICOS E PRESSÃO ARTERIAL DE ADOLESCENTES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Viana de Oliveira

    2014-01-01

    Full Text Available El objetivo de este estudio fue analizar la correlación entre la presión antropométrico y sangre de los adolescentes de Imperatriz-MA. Se trata de un estudio transversal, realizado entre septiembre y noviembre de 2012 con 218 estudiantes. El cuestionario incluía datos de identificación, antropométricas y de presión arterial sistólica y diastólica. En el análisis de las pruebas de correlación de Pearson y de Spearman utilizado bajo criterios preestablecidos. Sólo el 8,3% de la muestra tenía cifras de presión arterial fuera del rango normal, siendo un 4,6%, 2,4% y 1,3% en el límite de la categoría hipertensión en estadio I y II, respectivamente. En las mujeres la tasa de obesidad central y pliegues cutáneos mostraron los mayores valores medios que los hombres. En las niñas hay una correlación positiva entre la presión arterial sistólica y la altura (r=0,18, el peso (r=0,20 y la circunferencia de la cintura (r=0,17; correlación negativa entre la presión arterial diastólica y el índice de adiposidad central (r=-0,18. Una sola medida antropométrica que se correlaciona positivamente con la presión arterial sistólica y simultánea en ambos sexos es la medida de la circunferencia del cuello y la cintura.

  6. Correlação entre pressão arterial e peso em crianças e adolescentes de uma escola municipal do noroeste paulista Correlación entre presión arterial y peso en niños y adolescentes de una escuela municipal del Estado de São Paulo Correlation between blood pressure and weight in children and teenagers from a municipal school in the northwestern region of São Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia Diana Umebayashi Zanoti

    2009-12-01

    Full Text Available Verificar a correlação entre alterações de peso e pressão arterial em escolares do ensino fundamental de uma escola municipal do noroeste paulista. Método: Estudo quantitativo, descritivo e correlacional. Após a coleta e categorização do peso e pressão arterial de 148 escolares, os dados foram digitados no Excel e analisados no programa estatístico Statistical Package for Social Science, versão 12, utilizando-se estatística descritiva e inferencial (tabela de contingência e teste de correlação de Pearson. Resultados: O sexo predominante foi masculino (63,5%, e a idade média 8,4 anos; 36,5% apresentaram índice de massa corpórea alterado (3,4% baixo, 10,1% sobrepeso e 23% obesidade; 4,7% apresentaram pressão arterial limítrofe, e 9,5%, hipertensão. O teste de correlação indicou correlação forte e positiva entre peso/índice de massa corpórea e pressão arterial. Conclusões: Os resultados contribuem para o diagnóstico precoce de alterações pressóricas na população estudada e sua prevenção nos indivíduos obesos e com sobrepeso.Evaluar la correlación entre los cambios de peso y la presión arterial en niños que cursan la enseñanza primaria de una escuela municipal en el noroeste del Estado de San Paulo. Método: Estudio cuantitativo, descriptivo y correlacional. Después de identificar y clasificar el peso y la presión arterial de 148 estudiantes, los datos fueron digitados para Excel y analizados en el programa estadístico Statistical Package for Social Science , versión 12, utilizandose estadística descriptiva e inferencial (tabla de contingencia y el coeficiente de correlación de Pearson. Resultados: El sexo predominante fue el masculino (63.5% y la edad promedio, 8.4 años; 36.5% presentaron un índice de masa corporal con alteraciones (3.4% bajo, 10.1% presentan sobrepeso y 23% presentan obesidad, 4.7% presentaron cifras limítrofe de hipertensión arterial y 9.5% presentaron hipertensión. el

  7. Estado nutricional, autopercepção do estado nutricional e experimentação de drogas lícitas em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Denise Máximo Garcia

    2015-09-01

    Full Text Available ResumoObjetivo:Associar o estado nutricional e a autopercepção do estado nutricional com a experimentação de drogas lícitas em adolescentes.Métodos:Estudo transversal no qual 210 adolescentes responderam a um questionário sobre experimentação de álcool e tabaco e sobre suas autopercepções nutricionais. Foi analisada a concordância entre autopercepção nutricional do adolescente e seu estado nutricional, bem como associações entre o estado nutricional, a autopercepção nutricional, sexo, idade e presença de tabagistas em casa com a experimentação de álcool e tabaco. As variáveis foram analisadas separadamente em análise bivariada e, a seguir, análise múltipla determinou fatores associados à experimentação.Resultados:Participaram do estudo 210 adolescentes com mediana de idade de 148 meses, 56,6% do sexo feminino. Do total da amostra, 6,6% já experimentaram cigarro e 20% já experimentaram álcool; 32,3% tinham Z-escore IMC≥1 e 12,85% tinham Z-escore IMC≥2 e 50,7% acertaram suas classificações nutricionais. Após análise multivariada, apenas a autoimagem sobre o peso influenciou estatisticamente na experimentação de fumo. Pacientes que se identificavam com peso muito alto apresentaram maior chance de experimentação de fumo (odds ratio (OR 13,57; intervalo de confiança (95% IC 2,05-89,8; p=0,007; em relação ao uso de álcool, adolescentes que se identificavam com peso alto apresentaram chance de uso de álcool 2,40 vezes maior do que crianças que se viam com peso normal (IC 95% 1,08-5,32; p=0,031.Conclusões:Adolescentes com autopercepção de excesso de peso podem constituir um grupo de risco para a experimentação de álcool e tabaco.

  8. Adolescentes em conflito com a lei Adolescents in conflict with the law

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roseana Mara Aredes Priuli

    2007-10-01

    Full Text Available O estudo focou o adolescente autor e vítima da violência, fenômeno crescente no Brasil. Dados coletados dos prontuários dos internos de São José do Rio Preto e seleção das variáveis: local de moradia, idade, escolaridade, tipo e local das infrações, uso de drogas e ocupação, composição familiar, renda, escolaridade e trabalho dos pais. Os resultados revelaram perfil sociodemográfico, infracional e relacional de parte significativa com 17 anos, ensino fundamental incompleto, evadido da escola, sem trabalho e residente na região norte, de menor poder socioeconômico. A infração de maior percentual foi roubo, seguida de furto, tentativa de homicídio, homicídio, roubo qualificado, tráfico de drogas e roubo com morte, nos bairros da região norte. A maioria usava tabaco, maconha, álcool, crack; a minoria, cocaína, thinner e cola. Detectou-se realidade precária de familiares com baixo nível de renda, escolaridade, profissão e abuso de álcool, contribuindo para transformar os adolescentes em vítimas. A maioria das mães, provedora do lar, principal figura na internação e mediadora entre o adolescente, o poder judiciário e a comunidade. Considerando o elevado custo da violência interpessoal, concluímos, nesse estudo, a necessidade de políticas públicas para crianças e adolescentes na cidade de São José do Rio Preto.This study is focused on teenagers who behave violently and who are also victims of violence. The data was collected from records of adolescent inmates in São José do Rio Preto. The variables selected were: place of residence, age, education level, type of offense, drugs use, family income, parent education levels, jobs. The findings disclose a social and demographic profile for teenagers around seventeen years old with only elementary education. The most common offence was robbery; followed by theft, homicide, drug dealing, and robbery leading to death. Most of these teenagers smoked tobacco and

  9. Adiposidade corporal e hipertensão arterial em crianças e adolescentes obesos - doi:10.5020/18061230.2009.p88

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joel Saraiva Ferreira

    2012-01-01

    Full Text Available Objetivo: Investigar a relação entre a hipertensão arterial e adiposidade corporal em crianças e adolescentes obesos. Métodos: Estudo transversal no qual 129 crianças e adolescentes obesos de ambos os gêneros com idade variando de 7 a 14 anos foram avaliados. A adiposidade foi caracterizada a partir dos dados obtidos como: índice de massa corporal (IMC, percentual de gordura corporal (%GC e relação cintura-quadril (RCQ. O grupo foi dividido em dois subgrupos (normotensos e hipertensos mediante o nível de pressão arterial (PA. O teste estatístico de Kruskal Wallis foi empregado para determinar a significância na relação entre dados antropométricos e níveis de pressão arterial. Adotou-se um valor de p ? 0,05. Resultados: Verificou-se que 101 (78,29% participantes eram normotensos e 28 (21,71% hipertensos. Em relação à adiposidade, o grupo dos hipertensos apresentou níveis mais elevados de IMC e o %GC quando comparado com o normotenso (p<0,05. A partir dos dados da RCQ, não houve associação estatística entre a relação cintura-quadril e o nível pressórico. Conclusões: As crianças e adolescentes obesos apresentaram relação estatisticamente significativa entre adiposidade corporal e níveis de pressão arterial; no entanto, a localização da gordura não foi um fator determinante desta diferença.

  10. Sentidos da trajetória de vida para adolescentes em medida de liberdade assistida

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Clara Costa Gomes

    2014-03-01

    Full Text Available O presente artigo trata de uma pesquisa que teve como objetivo compreender os sentidos atribuídos por adolescentes que cumpriam medida socioeducativa de liberdade assistida às trajetórias de vida e ao envolvimento com infrações à lei. Foram realizados sete sociodramas semanais com 21 adolescentes da comunidade, dos quais 18 eram do sexo masculino. As informações foram organizadas com base no modelo construtivo-interpretativo de González-Rey e analisadas à luz do aporte teórico da Psicossociologia. Da análise resultaram três zonas de sentido: 1 "Parecia uma vida fácil" - referente à sedução do mundo do crime; 2 "Minhas tábuas de salvação" - sobre as estratégias usadas ante os infortúnios da incursão infracional; 3 "A vida no crime não compensa" - concernente ao saldo das escolhas: dores, perdas e arrependimento. As discussões dos encontros desencadearam nos adolescentes relatos acerca do passado, presente e futuro e reflexões que conduzem à reconstrução de projetos de vida desvinculados de atos de infração. Concluiu-se que os métodos socionômico e de história de vida favoreceram a produção de sentidos pelos adolescentes a partir de sua proposta de ação e reflexão e forneceram informações relevantes para se compreender a trajetória infracional dos adolescentes, constituindo-se em poderosa ferramenta de pesquisa-intervenção junto a adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas.

  11. Rede social de adolescentes em liberdade assistida na perspectiva da saúde pública

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marilene Rivany Nunes

    2016-04-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo: analisar o sentido da rede social de adolescentes que cumprem Liberdade Assistida e identificar os componentes essenciais dessa rede. Método: estudo exploratório, de abordagem qualitativa. Participaram do estudo 26 adolescentes com idade de 13 a 18 anos. Para a coleta dos dados, optou-se por entrevista semiestruturada e construção de mapas de rede. Resultados: evidenciou-se a essencialidade da rede social para os adolescentes, destacando-se a importância da família - especialmente a mãe -, e do Centro de Referência Especializado de Assistência Social, para promoção social e construção de um novo projeto de vida, sem envolvimento com atos infracionais. Todavia, os adolescentes não revelaram vínculos com profissionais de saúde. Conclusão: observou-se a necessidade do enfermeiro, enquanto profissional da atenção primária à saúde, atuar de forma intersetorial e interdisciplinar, no sentido de fortalecer a rede social de adolescentes em conflito com a lei.

  12. Análise da vulnerabilidade dos adolescentes à hepatite B em Teresina/PI

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Telma Maria Evangelista de Araújo

    2012-12-01

    Full Text Available Os adolescentes fazem parte de grupos com elevada suscetibilidade à infecção pelo vírus da hepatite B em função da adoção de comportamentos de risco. Este trabalho objetivou analisar a vulnerabilidade dos adolescentes à hepatite B. Para isso, realizou-se estudo desenvolvido por meio de inquérito epidemiológico com 196 adolescentes de 14 a 19 anos. Os resultados mostraram que 57,1% dos adolescentes já haviam iniciado a vida sexual, destes 45,5% não tinham parceiro(a estável, 54,5% pertenciam a faixa etária de 14 a 16 anos, 24,1% não usavam preservativo nas relações sexuais, 62,8% referiram não saber da transmissão do vírus da hepatite B e 61,2% não apresentavam cobertura vacinal contra este agravo. Conclui-se que os adolescentes constituem grupo vulnerável à hepatite B, devido a fatores condicionantes e determinantes, tais como desconhecimento sobre a doença, baixa cobertura vacinal, adoção de comportamento de risco e sensação de invulnerabilidade.

  13. Drug use and antisocial behavior among adolescents attending public schools in Brazil Uso de drogas e comportamento antissocial entre adolescentes de escolas públicas no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Lüdke Nardi

    2012-01-01

    Full Text Available INTRODUCTION: Drug use is a social and a public health problem that has been related with antisocial behavior. The aim of this study was to evaluate the relationship between drug use and antisocial behavior among adolescents attending public schools in Brazil. METHOD: A total of 7,176 adolescents from low-income neighborhoods and public schools aged 14 to 19 years were assessed in five geographical regions in Brazil. Data on biosociodemographic characteristics and on drug use and antisocial behavior were assessed from complete answers to a national survey on risk and protective factors among adolescents. RESULTS: Over 80% of the adolescents who used alcohol and cigarettes were between 14 and 17 years old. The percentage of participants with antisocial behaviors was significantly higher among users of marijuana, cocaine, or crack than among adolescents who were not drug users. CONCLUSIONS: Prevention programs aimed at reducing substance use might help to decrease antisocial behaviors.INTRODUÇÃO: O uso de drogas é um problema social e de saúde pública que tem sido relacionado a comportamentos antissociais. O objetivo deste estudo foi avaliar a relação entre uso de drogas e comportamento antissocial em adolescentes de escolas públicas no Brasil. MÉTODO: No total, 7.176 jovens com idades entre 14 e 19 anos estudantes de escolas públicas das cinco regiões geográficas do Brasil foram avaliados. Foram utilizados dados biossociodemográficos e sobre uso de drogas e comportamento antissocial obtidos na Pesquisa Nacional sobre Fatores de Risco e Proteção da Juventude Brasileira. RESULTADOS: Mais de 80% dos adolescentes que fizeram uso de bebidas alcoólicas e cigarro tinham entre 14 e 17 anos. O percentual de pacientes com comportamento antissocial foi significativamente maior entre usuários de maconha, cocaína ou crack do que entre adolescentes não usuários. CONCLUSÕES: Programas de prevenção direcionados à redução do uso de subst

  14. CARACTERÍSTICAS DA PRÁTICA DE ATIVIDADES FÍSICAS DESPORTIVAS EM PRÉ-ADOLESCENTES EM ARACAJU (Versão original em português

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Iuri Roseno Matos Aragão

    2014-12-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi identificar as características das atividades físicas e / ou de esporte praticadas e de preferência em pré-adolescentes. Este é um estudo transversal, empírico e descritivo. A amostra foi composta de 145 estudantes entre 11-14 anos de idade, homens e mulheres. A idade média foi de 12,72 ± 1,19 anos, 66 do sexo masculino (12,59 ± 1,23 anos e 79 do sexo feminino (12,83 ± 1,16 anos. A amostra foi entre o ano de grau 6 e 9 do Ensino Fundamental. Foi aplicado um questionário de 12 perguntas com questões fechadas e abertas propostas especificamente para este estudo. Os principais resultados indicam que os meninos realizam atividades físicas e / ou de esporte fora da escola há mais tempo, mais dias por semana e horas por dia do que as meninas. A motivação para a prática fora da escola foi por causa de preferências pessoais. Os indivíduos permanecem muito tempo em atividades individuais, como assistir à TV, usar o computador e jogar videogames, em detrimento de atividades coletivas, como brincar com os amigos, estas foram as preferências expressas pelo grupo. A escola é o local preferido para a prática de atividades físicas e / ou de esporte. As preferências dos meninos foram atividades de grupo (futebol e as preferências das meninas atividades individuais (natação. Por isso, todo o mundo quer saber e aprender outros esportes, o que indica potencial para futuras intervenções.

  15. Relación entre el abuso del alcohol y la religión en adolescentes mexicanos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eunice Danitza Vargas-Valle

    2016-02-01

    Full Text Available Este artículo analiza las asociaciones del abuso de alcohol con la afiliación religiosa, la asistencia a la iglesia y el valor por la religión entre los adolescentes mexicanos, y examina las interacciones entre estas variables independientes, siendo esta su principal contribución. A partir de la Encuesta Nacional de la Juventud 2010, se emplearon estadísticas descriptivas y modelos multivariados de regresión logística. Los evangélicos exhibieron momios más bajos de abusar del alcohol que los católicos, así como aquellos con un mayor valor por la iglesia y que asistían a esta, acompañados de padres o amigos. Entre los católicos, sólo asistir a la iglesia con los padres se asoció a menores momios de abuso del alcohol, respecto a no ir a la iglesia, lo mismo que los evangélicos, para quienes también asistir con otras personas redujo estos momios. No obstante, asistir a la iglesia con los padres sin tener valor por la religión no protegió a los adolescentes del abuso del alcohol. Tampoco asistir a la iglesia solo (sin compañía se asoció a esta protección, aun cuando los adolescentes tuvieran un valor alto por la religión. Se concluye que ambos, tanto ser parte de una red social que asiste a la iglesia, como tener valor por esta, condicionan la asociación del abuso del alcohol con la afiliación religiosa y son factores protectores fundamentales contra el abuso del alcohol entre los adolescentes mexicanos.

  16. O que é comportamento de risco para transtornos alimentares em adolescentes? What is adolescents' eating disorder risk behavior?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Greisse Viero da Silva Leal

    2013-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Caracterizar comportamento de risco para transtornos alimentares (TA e sua frequência entre adolescentes em uma revisão da literatura nacional e internacional. MÉTODOS: Foi realizada uma busca bibliográfica por meio de uma revisão integrativa nas bases de dados PubMed (US National Library of Medicinee Lilacs e no portal SciELO,utilizando-se os descritores relacionados à "eating disorder risk behavior". Foram selecionados artigos publicados nos últimos 10 anos, nos idiomas português, espanhol e inglês, e especificamente com adolescentes. Foram avaliados 76 artigos e analisados a nomenclatura e os instrumentos utilizados para avaliar comportamento de risco para TA e sua prevalência. RESULTADOS: Encontrou-se uma série de termos para avaliar risco para TA. A metodologia mais utilizada foi a de questionários e escalas, destacando-se o EAT-26 ou 40 e o BITE, dentre os mais frequentes; a prevalência de risco variou de 0,24% a 58,4%. CONCLUSÃO: Diferentes nomenclaturas e instrumentos são utilizados para avaliar comportamento de risco para TA entre adolescentes, com grande amplitude nos resultados de prevalência. Maior padronização de termos e metodologia de avaliação permitiriam melhor comparação entre estudos epidemiológicos em diferentes localidades.OBJECTIVE: To characterize eating disorder (ED risk behavior and its prevalence among adolescents in a review of national and international literature. METHODS: We carried out an integrative review on PubMed (U.S. National Library of Medicine, Lilacs and SciELO, using descriptors related to "eating disorder risk behavior". Articles published in the last 10 years, in Portuguese, Spanish and English, and specifically with adolescents were selected. The nomenclature and instruments used to assess eating disorder risk behaviors and its frequency were evaluated and analyzed in 76 articles. RESULTS: Several terms to assess ED risk behavior were found; questionnaires and scales

  17. ASSOCIAÇÃO ENTRE PRESSÃO ARTERIAL E ESTADO NUTRICIONAL EM ESCOLARES BRASILEIROS DE MUNICÍPIO DE MÉDIO PORTE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvia Bandeira Da Silva-Lima

    2015-04-01

    Full Text Available A predominância do excesso de peso e obesidade na infância e na adolescência cresce drasticamente e representa um problema de saúde pública, tendo atingido já proporções epidêmicas em países desenvolvidos e em desenvolvimento (WHO, 2011. Quando observadas entre crianças e adolescentes com excesso de peso, as prevalências de pressão arterial (PA elevadas podem apresentar valores de duas a seis vezes maiores do que aquelas encontradas em crianças e adolescentes eutróficos, com variações entre 28,7% e 46,4%, respectivamente, para o sobrepeso e a obesidade (GOMES, ALVES, 2006; COSTANZI et al., 2009.Considerando esses aspectos, o presente estudo objetivou verificar a prevalência de pressão arterial elevada em escolares de 10 a 19 anos, bem como os fatores associados.Objetivo: Analisar a associação entre pressão arterial e estado nutricional em adolescentes de um município de médio porte, Estado do Paraná – Brasil..

  18. Estudo sobre valores em adolescentes = Study of values in adolescents = Estudio de los valores en los adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Godoy, Priscilla Brandi Gomes

    2015-01-01

    Full Text Available Os valores humanos podem ser associados ao desenvolvimento positivo de indivíduos e muitas vezes são utilizados como explicação para comportamentos e suas motivações. Com base na Teoria Funcionalista dos Valores Humanos, de Gouveia, este estudo objetivou investigar valores humanos em adolescentes, a partir de seis subfunções valorativas (existência, realização, normativa, suprapessoal, experimentação e interativa. Com uso do Questionário dos Valores Básicos, de Gouveia, Milfont, Fischer e Santos (2008, foram avaliados 453 estudantes do ensino fundamental II e médio, ambos os sexos, idades na média de 14,9 anos, em seis escolas da Baixada Santista (SP. As análises descritiva e inferencial indicaram resultados com predomínio da subfunção existência na amostra geral, com diferenças significativas para maiores médias em meninas e em escolas públicas. Os valores da subfunção existência têm sido relacionados a comportamentos positivos no âmbito social e podem ser considerados como reflexo do ensinado e vivenciado na escola, família e sociedade

  19. Vulnerabilidade de adolescentes escolares às DST/HIV, em Imperatriz - Maranhão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Cristina Pereira de Jesus Costa

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi investigar a vulnerabilidade de adolescentes escolares em relação às Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST e ao Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV, identificando os principais comportamentos de risco e de prevenção. Estudo transversal, quantitativo, realizado em três escolas públicas estaduais de Imperatriz, MA, com 295 adolescentes, por meio da aplicação de questionário estruturado. Os resultados apontam que: a maioria dos jovens (86,3% que usaram preservativo na última relação sexual habitualmente mantém essa prática; 82,8% dos adolescentes que compreendem o conceito de HIV se protegem contra essa infecção e acreditam que a principal forma de contaminação é por via sexual, por via sanguínea ou através da barreira placentária. Conclui-se que a maioria dos adolescentes participantes apresentou conhecimento coerente sobre práticas sexuais e comportamentos de risco, que os tornam vulneráveis às DSTs e ao HIV, apresentando aspecto positivo para a prevenção destas doenças.

  20. TEMPO DE TELA, PERCEPÇÃO DA QUALIDADE DE SONO E EPISÓDIOS DE PARASSONIA EM ADOLESCENTES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alison Oliveira da Silva

    Full Text Available RESUMO Introdução: O sono é um importante componente no processo de desenvolvimento biológico e mental das crianças e dos adolescentes, considerado fonte de revitalização das funções orgânicas. Objetivo: Analisar a associação entre o tipo e tempo de exposição à tela, a percepção da qualidade de sono e os episódios de parassonia em adolescentes. Métodos: Estudo transversal que incorpora um levantamento epidemiológico de base escolar com amostra representativa (n = 481 de estudantes (14 a 19 anos do ensino médio da rede pública estadual do município de Caruaru, PE. Para a análise do sono e do estilo de vida, foi utilizada a versão traduzida e adaptada do Global School-Based Student Health Survey (GSHS. Recorreu-se à regressão logística binária para análise da associação entre as variáveis, considerando-se como desfecho a percepção negativa da qualidade de sono. Resultados: A prevalência de percepção negativa da qualidade de sono foi de 58% (IC 95% 53,5-62,3. Entre os comportamentos analisados, verificou-se que dormir oito horas ou menos por dia e assistir mais de duas horas de TV por dia aumentam, respectivamente, 2,69 (IC 95% 1,61-4,71 e 1,71 (IC 95% 1,08-2,73 as chances de relatar percepção negativa de sono. O tempo excessivo de tela, sobretudo diante da TV, esteve associado à maior quantidade de episódios de parassonia. Conclusão: A qualidade do sono está relacionada tanto com a quantidade de horas de sono, quanto com o tempo de exposição à TV. Além disso, uma quantidade maior de episódios de parassonia ocorreu entre os adolescentes que assistem mais de três horas de TV por dia.

  1. Adaptação da escala Brian para uso em crianças e adolescentes: um estudo preliminar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Claudia Mércio Loredo Souza

    2013-01-01

    Full Text Available Introdução: Alterações nos ritmos circadianos tem sido frequentemente observadas entre pacientes com Transtorno do Humor Bipolar (THB. No entanto, existem poucos instrumentos para medi-las e a maioria deles mede exclusivamente distúrbios do sono. A escala BRIAN, validada para adultos com THB, avalia a regularidade dos ritmos biológicos em quatro diferentes aspectos: sono, atividades, social e padrão de alimentação. O objetivo deste estudo piloto foi adaptar a escala BRIAN para uma população de crianças e adolescentes (BRIAN-K e avaliar se o novo instrumento é capaz de detectar diferenças entre pacientes e controles saudáveis. Métodos: Foram avaliados 20 pacientes com THB entre 8-16 anos e 32 controles pareados por sexo e idade. Os sujeitos foram avaliados através de entrevista clínica, K-SADS-PL e testagem cognitiva. A BRIAN-K foi aplicada em ambos os grupos. Resultados: O grupo de pacientes com THB apresentou escores mais altos de alterações em seus ritmos circadianos pelo escore total da BRIAN-K, quando comparados com o grupo controle (p=0,022. Particularmente, maior irregularidade foi observada no domínio “atividades” no grupo de pacientes (p=0,001. Nossos resultados também mostraram uma correlação positiva entre a idade de diagnóstico e o domínio “sono” da BRIAN-K (r = 0,485; p = 0,03. Conclusões: Estes dados preliminares sugerem que a versão BRIAN-K, recentemente adaptada para crianças e adolescentes, é capaz de discriminar pacientes com THB e controles. Futuros estudos com maior tamanho amostral são necessários para determinar a confiabilidade, validade interna e externa do presente instrumento.

  2. Cierre cognitivo, sexismo y religiosidad: diferencias y similitudes entre grupos de adolescentes con distinta cultura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manuel Moyano

    2013-05-01

    Full Text Available Desde el ámbito de la cognición social motivada, la necesidad de cierre cognitivo emerge como una variable crucial para la mejor comprensión de las diferencias individuales en variables psicosociales asociadas a la cultura y, además, susceptible de tener en cuenta en programas de intervención cuyo objetivo vaya dirigido a modificar actitudes ancladas en el prejuicio y la discriminación. En la presente investigación se ha realizado un estudio de este constructo motivacional y su relación con el sexismo y la religiosidad en una muestra de adolescentes cristianos y musulmanes, todos ellos residentes en un contexto social con un marcado carácter multicultural. De acuerdo con los datos obtenidos, no se han encontrado diferencias entre musulmanes y cristianos en necesidad de cierre cognitivo y sexismo. Sin embargo, se han encontrado diferencias por sexo en sexismo hostil. La necesidad de cierre cognitivo correlacionó de una forma estadísticamente significativa con el sexismo (hostil y benevolente, y es un buen predictor. Los musulmanes puntuaron de una forma significativamente más elevada que los cristianos en los indicadores de religiosidad. Se discuten los resultados en el marco de investigaciones previas.

  3. Iniciação e consumo de substâncias psicoativas entre adolescentes e adultos jovens de Centro de Atenção Psicossocial Antidrogas/CAPS-AD

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina Carvalho Silva

    2014-03-01

    Full Text Available O estudo tem como objetivo caracterizar a iniciação e o padrão de consumo de substâncias psicoativas, entre adolescentes e adultos jovens matriculados em Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas - CAPS AD. Foram utilizados os registros dos atendimentos, sendo o padrão de consumo classificado segundo a OMS: uso pouco frequente (uso na vida, no ano ou no mês até cinco dias; uso frequente (de seis até 19 vezes nos últimos 30 dias; uso pesado (> 20 vezes nos últimos 30 dias; na comparação das faixas etárias utilizou-se teste de proporções e para análise das associações, calculou-se prevalência/P e razão de prevalência/RP, com significância de 5% e intervalo de confiança 95%. No total de adolescentes e jovens atendidos entre 2003 e 2008 (475, a maioria foi masculina, solteira, com baixa escolaridade, coabitando com pais e sintomas psíquicos. Constatou-se significância estatística para idade de iniciação ao consumo: adolescentes, em relação aos jovens iniciaram mais precocemente (< 14 anos: o consumo de tabaco; maconha, cocaína; crack e outras SPA. Entre adolescentes, verificou-se resultados significantes para consumo menos frequente de tabaco; mais frequente de álcool; e consumo pesado de maconha. Esses achados podem contribuir para programas preventivos e terapêuticos do CAPS-AD.

  4. Enfoque humanístico à comunicação em enfermagem: o caso de uma adolescente hospitalizada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Isabel Amélia Costa Mendes

    2000-03-01

    Full Text Available A enfermagem é uma profissão que milita pela promoção do ser humano, com toda sua liberdade, unicidade e dignidade. Neste sentido, a comunicação reveste-se de um significado essencial tanto no transcorrer do processo de enfermagem, quanto no seu produto, constituindo-se também como um componente fundamental do tratamento. Entretanto, no contexto hospitalar brasileiro, a comunicação do enfermeiro com o paciente tem sido limitada ao cumprimento de seu papel instrumental. A proposta deste estudo é analisar o caso de uma adolescente hospitalizada, enfocando sua comunicação com os enfermeiros que lhes dispensaram cuidados. Esta análise alicerçou-se no paradigma categorial de Bales. Através da técnica de observação direta do comportamento resultante da interação entre os enfermeiros e a adolescente estudada, durante trinta horas distribuídas em cinco dias, foram computadas 428 unidades de interação, as quais foram classificadas em áreas sócio-emocional positiva, negativa e neutra por juizes habilitados para esta atividade. Dado o alto índice de interações na área neutra (89,3%, as autoras recomendam uma correção humanística na comunicação durante o processo de enfermagem, o que poderá contribuir para qualificar o cuidado e redundar em satisfação no trabalho através do exercício da empatia e da solidariedade.

  5. The gap between knowledge on HIV/AIDS and sexual behavior: a study of teenagers in Vespasiano, Minas Gerais State, Brazil La laguna entre el conocimiento sobre VIH/SIDA y el comportamiento sexual: una investigación con adolescentes de Vespasiano, Minas Gerais, Brasil A lacuna entre o conhecimento sobre HIV/AIDS e o comportamento sexual: uma investigação com adolescentes de Vespasiano, Minas Gerais, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eugênio Marcos de Andrade Goulart

    2013-05-01

    además de trabajar con la información, valoren la individualidad de los adolescentes en la construcción de las propuestas.O objetivo foi investigar as lacunas entre o conhecimento sobre o HIV/AIDS e o comportamento sexual em adolescentes do ensino médio. Delineamento transversal com amostra representativa e aleatória de 1.158 adolescentes entre 14 a 19 anos, matriculados em nove escolas públicas que responderam a questionários validados. A análise dos dados envolveu estatística descritiva e testes de hipóteses (qui-quadrado, Mann-Whitney e Kruskal-Wallis, Kendal e teste exato de Fisher. A maioria dos adolescentes (98,7% apresentou dúvida em alguma questão proposta. O uso do preservativo na primeira relação sexual influenciou o uso nas relações dos últimos seis meses. Não houve associação estatística entre o conhecimento sobre HIV/AIDS com a frequência do uso de preservativo e a multiplicidade de parceiros sexuais. É necessário a implementação de ações em saúde que articulem a escola aos serviços de saúde e que além de trabalhar a informação, valorizem a individualidade dos adolescentes na construção das propostas.

  6. Excesso de peso, atividade física e hábitos alimentares entre adolescentes de diferentes classes econômicas em Campina Grande (PB Overweight, physical activity and foods habits in adolescents from different economic levels, Campina Grande (PB

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marília Medeiros de Araújo Nunes

    2007-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar a freqüência de sobrepeso e obesidade, hábitos alimentares e de estilo de vida, entre adolescentes de diferentes condições econômicas. MÉTODOS: Foi realizado um estudo transversal com 588 adolescentes, alunos de uma escola pública ou privada na cidade de Campina Grande/PB, pertencentes a classes econômicas diferentes, pelos critérios da Associação Brasileira de Empresas de Pesquisa. Foram calculados o índice de massa corpórea (IMC > p85 = excesso de peso e > p95 = obesidade, aplicado um questionário para avaliar atividade física de lazer, horas gastas assistindo a TV e hábitos alimentares. RESULTADOS: Foi observado um maior número de adolescentes com sobrepeso / obesidade nas classes econômicas A¹, A² e B¹ do que nas classes C, D e E; 93/292 (31,4% versus 53/296 (18,1%; pOBJECTIVE: To compare overweight and obesity, eating habits and life style among adolescents from different economic levels. METHODS: A cross-sectional study was undertaken with 588 adolescents from a public and a private school in Campina Grande, PB. They belonged to economic levels A¹, A² and B¹(292 and C, D and E (296, according to the Brazilian Criteria of Economic Classification of the Brazilian Association of Research Iistitutes. Height and body weight were measured and Body Mass Index (BMI was calculated; > p85 = overweight and > p95 = obesity. A questionnaire for assessment of leisure time, physical activity, time spent watching TV and eating habits was administered. RESULTS: Overweight and obesity were more common in the higher economic level than in the lower economic one; 31.4% versus 18.1% ; p < 0.001. Leisure time for physical activity was more present in adolescents with A¹, A² e B¹ economic status. Watching TVdisclosed no difference between the two economic levels surveyed. Daily consumption of softs drinks, sweets and salty snacks were more common in the higher economic level but this was not associated with obesity

  7. Perfil do adolescente que tenta suicídio em uma unidade de emergência Perfi del adolescente que intenta suicidio admitido en una unidad de emergencia Profile of adolecent suicide attempters admitted in an emergency unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rita de Cássia Avanci

    2005-10-01

    Full Text Available É freqüente o atendimento para tentativa de suicídio em Unidades de Emergência e estudar este fenômeno na adolescência é importante por ser um período de conflitos. Este estudo objetivou traçar um perfil epidemiológico de adolescentes admitidos em uma Unidade de Emergência diagnosticados como Tentativa de Suicídio. Para isso, foram examinados os atendimentos de adolescentes admitidos nesta Unidade, com o diagnóstico referido, no ano de 2002. Os resultados mostraram que 77,8% dos casos pertencem ao sexo feminino, predominância da faixa etária entre 15 e 19 anos, estado civil solteiro, cor branca, estudantes, com residência em bairros de baixo poder aquisitivo, utilizando a ingestão de medicamentos no período diurno, e são semelhantes aos descritos em outros estudos, necessitando assim atenção especial.Unidades de Emergencia frecuentemente atienden a intentos de suicidio y es importante estudiar este fenómeno en la adolescencia, ya que es un período de conflictos. La finalidad de este estudio fue delinear un perfil epidemiológico de adolescentes admitidos en una unidad de emergencia con diagnóstico de intento de suicidio. Por lo tanto, investigamos la atención de adolescentes admitidos en esta Unidad con el diagnóstico referido, en 2002. Los datos mostraron que 77,8% de los casos se refieren al sexo femenino, predominancia de la franja de edad entre 15 y 19 años, estado civil soltero, color blanco, estudiantes, que viven en barrios de bajo poder adquisitivo, utilizando la ingestión de medicamentos en el período diurno. Los hallazgos son semejantes a aquellos descritos en otros estudios y, por consiguiente, necesitan de atención especial.Emergency Units frequently assist suicide attempts. It is important to study this phenomenon in adolescence, since this is a conflict period. This study aimed to outline an epidemiological profile of adolescents admitted in an Emergency Unit, who were diagnosed as suicide attempters

  8. Fatores associados ao uso de drogas entre adolescentes escolares Factors associated with drug use among adolescent students in southern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Beatriz Franck Tavares

    2004-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Investigar fatores associados ao uso de drogas entre adolescentes de escolas com ensino médio. MÉTODOS: Realizou-se um estudo transversal, em 1998, em Pelotas, RS. Um questionário anônimo, auto-aplicado em sala de aula, foi respondido por uma amostra proporcional de estudantes com idade entre 10 e 19 anos, matriculados no ensino fundamental (a partir da quinta série e no ensino médio, em todas as escolas públicas e particulares na zona urbana do município que tinham ensino médio. Realizaram-se até três revisitas para aplicação aos alunos ausentes. Os resultados foram expressos como razão de prevalências (RP. RESULTADOS: Foram entrevistados 2.410 estudantes e o índice de perdas foi de 8%. A prevalência do uso de drogas (exceto álcool e tabaco no último ano foi 17,1%. Após controle para fatores de confusão, permaneceu a associação entre uso de drogas e separação dos pais (RP=1,46; IC 95%: 1,18-1,80, relacionamento ruim ou péssimo com o pai (RP=1,67; IC 95%: 1,17-2,38, relacionamento ruim ou péssimo com a mãe (RP=2,71; IC 95%: 1,64-4,48, ter pai liberal (RP=1,36; IC 95%: 1,08-1,72, presença em casa de familiar usuário de drogas (RP=1,61; IC 95%: 1,17-2,18, ter sofrido maus tratos (RP=1,62; IC 95%: 1,27-2,07, ter sido assaltado ou roubado no ano anterior (RP=1,38; IC 95%: 1,09-1,76 e ausência de prática religiosa (RP=1,31; IC 95%: 1,07-1,59. CONCLUSÕES: O estudo indica que diversas características familiares estão associadas ao uso de drogas pelos adolescentes, fornecendo informações úteis para a compreensão integral desse problema em nosso País.OBJECTIVE: To assess factors associated with drug use among adolescent students from schools providing secondary education. METHODS: A cross-sectional study was carried out in Pelotas, Southern Brazil, in 1998. An anonymous, self-administered questionnaire was answered by a proportional sample of 10-19-year-old students, enrolled in primary (5th grade and

  9. Efeito do treinamento de força nas variáveis cardiovasculares em adolescentes com sobrepeso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Marcelo de Queiroz Miranda

    2014-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: O presente estudo teve por objetivo avaliar as respostas agudas cardiorrespiratórias e autonômicas induzidas por uma sessão de exercício físico resistido em adolescentes com sobrepeso. MÉTODOS: Foram avaliados 17 adolescentes do sexo masculino divididos em grupo controle (GC, n=9 e grupo sobrepeso (GSO, n=7. Todos foram submetidos a uma sessão exercícios resistidos para diferentes grupos musculares, realizados com sobrecarga de 60% da força máxima, com um intervalo de 45 segundos entre as séries e 90 segundos entre cada exercício. Antes, durante e após a sessão de exercícios os seguintes parâmetros foram avaliados: frequência cardíaca (FC, pressão arterial sistólica (PAS, pressão arterial diastólica (PAD e variabilidade da frequência cardíaca (VFC. RESULTADOS: Foi observado comportamento semelhante em ambos os grupos da PAS e PAD. A PAS aumentou durante o exercício e a PAD diminuiu. Ambas retornaram aos valores basais durante a recuperação. A FC aumentou durante a sessão de exercício nos dois grupos, porém, apenas no GSO houve retorno aos valores de repouso. Os índices da VFC no domínio do tempo (VAR RR e RMSSD se comportaram de maneira semelhante frente ao exercício nos dois grupos, porém, no índice SDNN apenas o GSO retornou aos valores de repouso. A VFC no domínio da frequência apresentou comportamento semelhante em ambos os grupos. CONCLUSÕES: sugere-se que o aumento do nível de atividade física em indivíduos com sobrepeso pode prevenir as alterações autonômicas que estão associadas ao aumento do peso corporal e conferir efeito protetor ao sistema cardiovascular.

  10. Dieta cetogênica para epilepsia intratável em crianças e adolescentes: relato de seis casos

    OpenAIRE

    Vasconcelos,Marcio M.; Azevedo,Patricia M. Couto; Esteves,Lívia; Brito,Adriana R.; Olivaes,Maria Cecílea D. de; Herdy,Gesmar V. Haddad

    2004-01-01

    OBJETIVO: Descrever a introdução e o manejo da dieta cetogênica em um grupo de seis crianças e adolescentes com epilepsia refratária. MÉTODOS: Os autores reviram o prontuário médico de cada paciente menor de 15 anos submetido à dieta cetogênica entre abril de 1999 e julho de 2003 e compararam os resultados terapêuticos e efeitos adversos e benéficos com a literatura pertinente. RESULTADOS: A dieta cetogênica foi introduzida para seis pacientes, com idade mediana de sete anos (faixa: 1,8-12,2)...

  11. Use of contraceptive methods by sexually active teenagers in Pelotas, Rio Grande do Sul State, Brazil Uso de métodos anticoncepcionais em adolescentes sexualmente ativos de 15 a 18 anos em Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Clarissa Lisbôa Arla da Rocha

    2007-12-01

    Full Text Available This study aimed to assess the prevalence of contraceptive use by adolescents. A cross-sectional study was performed from March to September 2002 in a representative sample of adolescents 15 to 18 years of age in the urban area of Pelotas, Rio Grande do Sul State, Brazil. Multiple-stage sampling was used, and in the 448 census tracts located in the urban area, 90 were sampled and households were visited in each tract. Information was collected on sexual initiation and use of contraceptive methods. Chi-square test was used to compare proportions. The sample included 960 adolescents. 88% of subjects reported the use of any contraceptive method. Condoms were the most commonly used method (63.2%. Low adolescent schooling was the only variable associated with increased risk of non-use of contraceptives. Condom use was higher among males, adolescents whose mothers had 9 or more years of schooling, and those reporting several sexual partners in the previous year. Condoms were the most commonly used contraceptive method.O estudo avaliou o uso de métodos contraceptivos em adolescentes. Entre março e setembro de 2002, realizou-se um estudo transversal na zona urbana da cidade de Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil. A amostragem foi em múltiplos estágios, 90 dos 448 setores censitários da zona urbana de Pelotas foram sorteados e em cada setor 86 residências foram visitadas. Considerou-se a informação do adolescente sobre a prática de relações sexuais e do uso de métodos contraceptivos. Nas comparações entre as proporções utilizou-se o teste do qui-quadrado. Foram entrevistados 960 adolescentes, enquanto que para 79 não foi possível realizar a entrevista. Aproximadamente 88% dos adolescentes usavam algum método contraceptivo. O preservativo masculino foi encontrado como o método mais usado naqueles adolescentes que têm relação sexual (63,2%. A escolaridade do adolescente foi a única variável associada com o uso de contraceptivos. O

  12. Adiposidade em adolescentes e obesidade materna Relationship between maternal obesity and adiposity in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Fernanda Petroli Frutoso

    2011-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever a relação entre adiposidade na adolescência e obesidade materna. MÉTODOS: Foi realizado estudo transversal com 660 indivíduos de 8 a 18 anos, de ambos os sexos, matriculados em uma escola pública e outra privada do município de São Paulo. A coleta de dados foi realizada por meio de entrevista, medidas antropométricas e inquérito alimentar. A adiposidade na adolescência foi mensurada a partir do índice de massa corporal e, por meio de análise de regressão, verificou-se sua relação com a obesidade materna, ajustada por sexo, idade, estágio de maturação sexual, valor energético total da dieta, atividade física, sedentarismo, peso ao nascer e escolaridade materna. RESULTADOS: Dos adolescentes estudados, 64,7% eram do sexo feminino. A média (desvio-padrão de idade foi de 12,4 (1,80, variando de 8 a 17 anos. Verificou-se maior prevalência de excesso de peso e obesidade entre os indivíduos do sexo masculino, não sendo observada associação significativa entre estado nutricional e sexo. Após ajuste pelas covariáveis, detectou-se que filhos de mães obesas têm risco quatro vezes maior de ser obesos, quando comparados aos adolescentes filhos de mães não obesas. CONCLUSÃO: Conclui-se que a obesidade materna representa fator de risco importante para o desenvolvimento da obesidade na adolescência.OBJECTIVE: This study aimed to describe the relationship between teenager's adiposity and maternal obesity. METHODS: A cross-sectional study was done with 660 teenagers aged 8 to 18 years, of both genders, students of private and public schools of São Paulo. The data were collected by interviews, anthropometric measurements and food intake records. Teenagers' adiposity was determined by body mass index and regression analyses was used to verify its relationship with maternal obesity adjusted for gender, age, stage of sexual development, energy intake, physical activity, sedentary lifestyle, birth weight and

  13. Ato infracional e medida socioeducativa: representações de adolescentes em L.A.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bianca Izoton Coelho

    2013-01-01

    Full Text Available A pesquisa analisou as representações sociais de ato infracional e medida socioeducativa em adolescentes em conflito com a lei. Utilizou-se, como aporte teórico e metodológico, a Teoria das Representações Sociais. Participaram da pesquisa quarenta e seis adolescentes que cumpriam, há mais de três meses, a medida de Liberdade Assistida. Os dados foram coletados, por meio de entrevistas, com um roteiro semiestruturado e consistiram na técnica das evocações livres por meio dos termos ato infracional e medida socioeducativa. Utilizou-se o software EVOC para análise das evocações emitidas. Os resultados apontaram como caracterização socioeconômica dos adolescentes: renda familiar baixa, baixo nível de escolaridade, local de residência precário, etnias afro-descendentes predominantes e distanciamento da religião. As representações sociais de ato infracional relacionaram-se aos tipos de atos infracionais e às suas causas e consequências. As representações sociais de medida socioeducativa relacionaram-se a ações positivas em que, além da aprendizagem, houve a possibilidade de mudança.

  14. Fenomenologia das motivações do adolescente em conflito com a lei

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Clara Jost

    Full Text Available Este trabalho visa a avaliar as motivações mobilizadoras do comportamento do adolescente em conflito com a lei, adotando o conceito interativo do ato infracional. Entrevistas, individuais e semi-estruturadas, foram realizadas com adolescentes do sexo masculino, privados de liberdade. Os conteúdos obtidos foram organizados em núcleos temáticos, analisados fenomenologicamente e articulados às motivações subjacentes. Os resultados revelaram uma ambivalência vivencial que corrompe as subjetividades e fragmenta os relacionamentos intersubjetivos, forjando angústia existencial. Essa angústia se expressa em ações contra si mesmo e a sociedade. Pontua-se a necessidade de intervenções psicossociais que considerem o problema não somente a partir dos determinismos simbólicos e culturais que o engendram, mas que também incluam a busca de respostas desses adolescentes ao seu sofrimento humanístico-existencial.

  15. A ESCOLA E O ADOLESCENTE EM CONFLITO COM A LEI: DESVELANDO AS TRAMAS DE UMA DIFÍCIL RELAÇÃO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eliseu de Oliveira Cunha

    2016-03-01

    Full Text Available RESUMO: O presente artigo teórico propõe-se a elencar e discutir possíveis razões da inamistosidade que, de modo geral, tem caracterizado a relação entre a escola e o adolescente em conflito com a lei no Brasil. Para tanto, empreendeu-se uma cuidadosa busca na literatura pertinente ao tema no intuito de desinvisibilizar e analisar criticamente os processos histórico-sociais dos quais essa tendência é tributária. O histórico alinhamento da escola com a cultura das classes abastadas, correlato à sua típica repulsa pelos estratos populares, revelou-se a espinha dorsal do fenômeno, uma vez que a maioria dos adolescentes em questão advém dessa classe social, sendo alvo privilegiado dos preconceitos, estigmas e estereótipos tipicamente atribuídos aos jovens de baixa renda. Para a atenuação desse quadro, a requalificação das práticas escolares para um efetivo acolhimento do adolescente mostra-se imprescindível.

  16. Relación entre Problemas de Conducta en Adolescentes y Conflicto Interparental en Familias Intactas y Monoparentales

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cecilia Mayorga Muñoz

    2016-01-01

    Full Text Available El propósito del estudio fue analizar la influencia del conflicto interparental en la aparición de problemas de conducta en adolescentes de familias intactas y monoparentales. Se utilizó un diseño explicativo que consideró prueba de medias y análisis multivariado de varianza. La muestra estuvo compuesta de 466 adolescentes de 12 a 16 años. Para la medición de las variables se utilizaron las escalas Children’s Perception of Interparental Conflict ( cpic y Youth Self Report ( ysr . Los resultados confirman la asociación entre conflicto interparental y problemas de conducta en los hijos, y muestran que, cuando hay conflicto en las familias intactas, se produce una mayor frecuencia de conductas externalizantes que en familias monoparentales.

  17. Exploração vocacional em adolescentes: avaliação de uma intervenção em classe

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Martina Königstedt

    2010-12-01

    Full Text Available Analisa-se o impacto de uma intervenção psicológica na exploração e tomada de decisão vocacional em adolescentes portugueses. Em contexto curricular e de classe, desenvolveram-se actividades de exploração do meio e do Eu com 39 alunos e 43 alunas do 9º ano, entre 13 e 17 anos (M=14,4, DP=0,95. Em um design pré/pós-teste, aplicaram-se o Career Exploration Survey (CES e o Career Decision Difficulties Questionnaire (CDDQ. Os resultados do teste do sinal evidenciaram ganhos significativos (p<0,01 nas dimensões de exploração e diminuição significativa da falta de informação profissional (p<0,01 e do total das dificuldades de decisão (p<0,05. Observou-se um padrão de correlações negativas (ró de Spearman entre as duas medidas vocacionais, evidenciando uma relação entre a informação explorada na intervenção e a diminuição das dificuldades de decisão por falta de motivação. Em geral, os resultados suportam a importância do papel da exploração da carreira na diminuição das dificuldades de tomada de decisão.

  18. Avaliação da Vergonha em Adolescentes: ‘The Other as Shamer Scale’

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marina Cunha

    2017-11-01

    Full Text Available RESUMO A vergonha, entendida como uma emoção autoconsciente, multifacetada e socialmente focada, desempenha um papel central na saúde mental dos indivíduos. Nos adolescentes, é também uma experiência frequente, sendo importante a sua avaliação para a investigação e prática clinica. Este estudo pretende validar uma medida breve de vergonha externa (Escala de Vergonha Externa - Versão breve para Adolescentes [OASB-A]. Participaram 834 adolescentes com uma média de 15 anos. O modelo final da OASB-A (8 itens, obtido por meio da Análise Fatorial Confirmatória, apresenta um bom ajustamento aos dados, invariância para o sexo, boa consistência interna e fidedignidade temporal adequada. As correlações com as experiências traumáticas de vergonha (IES-R e sintomatologia psicopatológica (DASS-21 são significativas. A OASB-A é uma medida válida e econômica para avaliação da vergonha externa em adolescentes.

  19. Locus of control and contraceptive knowledge, attitude and practice among university students Locus de control y conocimiento, actitud y práctica contraceptivas entre adolescentes universitarios Lócus de controle e conhecimento, atitude e prática contraceptivas entre adolescentes universitários

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Salheb Alves

    2010-02-01

    sociodemográficas y variables relacionadas a la vida sexual fueron usadas las pruebas de Kruskal-Wallis y Mann-Whitney. RESULTADOS: Los adolescentes del sexo masculino presentaron mayor externalidad- otros poderosos cuando se compararon con las del sexo femenino (p=0,001. Estudiantes que vivían solos tenían una internalidad más baja (p=0,001. Cuando el locus de control fue comparado con el uso de preservativo en la primera relación sexual, considerándose apenas los 102 estudiantes que informaron la edad de inicio de la actividad sexual, fue encontrada mayor internalidad entre los adolescentes del sexo masculino que no usaron preservativo (p?0,05. Al correlacionar los escores del locus de control con el conocimiento contraceptivo y práctica, se observó que cuanto más elevado el escore del locus de control externalidad otros-poderosos, menor el uso adecuado de métodos contraceptivos (r=-0,22, p=0,03. CONCLUSIONES: El locus externalidad otros-poderosos influencia la práctica de uso de método contraceptivo en ese grupo de adolescentes.OBJETIVO: Avaliar a relação do lócus de controle com conhecimento, atitude e prática relacionados à pílula e ao preservativo entre adolescentes estudantes universitários. MÉTODOS: Estudo tipo inquérito desenvolvido em Campinas, SP, em 2006. O total de 295 adolescentes ingressantes de uma universidade pública respondeu a um questionário estruturado e à escala multidimensional de lócus de controle de Levenson. Foram calculados os escores das dimensões do lócus de controle e o coeficiente de correlação de Spearman para avaliar a correlação com o conhecimento e a prática do uso de pílula e preservativo. Para avaliar a relação entre as dimensões do lócus de controle e as variáveis sociodemográficas e variáveis relacionadas à vida sexual foram usados os testes de Kruskal-Wallis e Mann-Whitney. RESULTADOS: Os adolescentes do sexo masculino apresentaram maior externalidade-outros poderosos quando comparados com as do

  20. Prevalência do anticorpo da hepatite A em crianças e adolescentes com hepatopatia crônica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ferreira Cristina T.

    2002-01-01

    Full Text Available Objetivo: avaliar a prevalência de hepatite viral A (HVA em crianças e adolescentes portadores de doenças crônicas do fígado, em um serviço de hepatologia pediátrica. Métodos: entre maio de 1999 e fevereiro de 2001, foi estudada a prevalência de anticorpos anti-HVA total em 60 crianças e adolescentes, entre 1 e 16 anos de idade, portadoras de hepatopatias crônicas, provenientes da unidade de gastroenterologia pediátrica e programa de transplante hepático infantil do serviço de pediatria do Hospital de Clínicas de Porto Alegre. O anti-HVA, realizado através de um teste laboratorial comercialmente disponível em nosso meio (Abbott - MEIA HAVAB - sistema AXSYM, foi determinado e relacionado com a idade, com o sexo, com a cor, com o diagnóstico etiológico da hepatopatia e com a renda familiar dos pacientes. Resultados: apenas uma criança de 1 ano, portadora de atresia biliar, foi excluída do estudo por apresentar anti-HVA indeterminado, em duas ocasiões. Das 59 crianças restantes, 14 (24% apresentavam resultados positivos para o anti-HVA total. As idades dos pacientes com anti-HVA positivos variaram de 1 a 16 anos (x= 7,7 anos e mediana 8,5 anos. Não houve diferença significante entre idade, sexo e cor entre os grupos positivo e negativo. A renda familiar foi menor no grupo dos pacientes anti-HVA positivo, mas não mostrou diferença estatística significante. A diferença de prevalência de anti-HVA entre as etiologias das hepatopatias está, provavelmente, relacionada à idade mais do que ao diagnóstico. Conclusões: na população estudada, a maioria (76% das crianças e adolescentes portadoras de hepatopatias crônicas é suscetível à infecção pelo vírus A, podendo apresentar, portanto, um curso mais grave e complicações, se adquirirem HVA. Sugerimos, então, que esses pacientes devam receber a vacina inativada contra HVA.

  1. Fatores associados ao declínio do déficit estatural em crianças e adolescentes em Pernambuco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanessa Sá Leal

    2012-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a evolução do déficit estatural em crianças e adolescentes e identificar seus fatores associados. MÉTODOS: Estudo transversal, com dados das Pesquisas Estaduais de Saúde e Nutrição realizadas em Pernambuco nos anos de 1997 e 2006. A amostra do tipo probabilística (aleatória estratificada, com representatividade para os estratos urbanos e rurais do estado. Para a coleta de dados foram utilizados questionários com perguntas pré-codificadas referentes a informações sobre as variáveis socioeconômicas, demográficas e antropométricas (das mães, crianças e adolescentes. A população estudada foi de, respectivamente, 1.853 e 1.484 crianças e adolescentes de cinco a 19 anos. A análise de regressão múltipla com seleção hierarquizada foi utilizada para avaliar a associação das variáveis explanatórias sobre o déficit estatural. RESULTADOS: A prevalência do déficit de estatura apresentou redução significante de 43% (de 16,9% em 1997 para 9,6% em 2006. As variáveis socioeconômicas e a estatura materna estiveram associadas a este declínio, com reduções variando de 39% a 60% entre os estratos analisados. Na análise dos determinantes do déficit estatural, no ano de 2006, permaneceram como significantes: a renda familiar per capita (<0,25 salário mínimo, a posse de bens domésticos (< três, o maior número de pessoas por domicílio, a menor escolaridade e menor estatura materna. CONCLUSÕES: A redução do déficit de estatura refletiu a melhoria nas condições sociais e econômicas. Entretanto, permanecem necessários a manutenção e incremento de políticas públicas, de modo a aumentar o poder aquisitivo dos mais pobres e universalizar o acesso da população a serviços de saúde e educação.

  2. Saúde bucal em meninas adolescentes da Vila Sabiá no município de Sorocaba, São Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudia Regina de Campos Camargo

    2018-01-01

    Full Text Available A adolescência compreende o período da vida que se estende dos 10 aos 19 anos, é uma fase de transformações biopsicossociais profundas. Em decorrência disso, é comum os adolescentes apresentarem comportamentos negligentes em relação aos seus cuidados com saúde e esse período é tido como de risco aumentado para o aparecimento de cárie dentária e outras afecções bucais, devido ao controle precário da placa e menor cuidado com a escovação. Objetivo: Fomentar uma ação educativa visando à redução de riscos aos quais esse segmento populacional encontra-se exposto. Materiais e métodos: Este é um estudo transversal e qualitativo com 10 adolescentes do sexo feminino, na faixa etária de 10 a 14 anos e que fazem parte do grupo que frequenta o Território Jovem, Vila Sabiá, no município de Sorocaba, São Paulo. Utilizaram-se estratégias para formar vínculo com as adolescentes e depois foi avaliado seu conhecimento prévio sobre conceitos importantes como: saúde bucal; placa bacteriana; escovação; fio dental; flúor; sangramento da gengiva; piercing oral e mau hálito. Em seguida foi promovida uma intervenção que visou a aumentar o conhecimento sobre os temas propostos para reduzir os riscos e agravos à saúde oral e geral das adolescentes. Resultados e Conclusões: Percebe-se que houve um ganho incipiente de conhecimento das adolescentes, mas existe a necessidade de um tempo maior para orientá-las de forma a fixarem os conteúdos apresentados. Também é necessário que haja um aproveitamento melhor dos espaços que o território oferece para disseminar informações sobre saúde bucal e, assim, criar vínculo entre os profissionais de odontologia e as adolescentes.

  3. Sibilância em crianças e adolescentes vizinhos a uma indústria petroquímica no Rio Grande do Norte, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Claudia Lopes de Moraes

    2010-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a associação entre relato de sibilância em crianças e adolescentes e o local de residência em relação à dispersão dos poluentes atmosféricos emitidos pelo Pólo Petroquímico (PPQ de Guamaré (RN. MÉTODOS: Estudo transversal de relato de sibilância em crianças e adolescentes de 0 a 14 anos de idade, residentes no entorno do PPQ de Guamaré, em 2006. Foi utilizado o questionário padronizado do International Study of Asthma and Allergies in Childhood, acrescido de questões relativas ao tabagismo, renda, moradia e escolaridade. Concentrações diárias de PM10, PM2,5, carbono grafítico, SO2, NO2, O3, benzeno, tolueno e xilenos foram medidas em uma estação de monitoramento fixa. As comunidades residentes na área de influência das emissões do PPQ foram classificadas, segundo a direção preferencial dos ventos, em expostas e de referência. RESULTADOS: Participaram do estudo 209 crianças e adolescentes. As concentrações médias diárias dos poluentes monitorados mantiveram-se abaixo dos limites estabelecidos nos padrões de qualidade do ar. A prevalência de sibilos nos últimos 12 meses foi de 27,3%. Associações estatisticamente significantes com sibilos nos últimos 12 meses foram verificadas mesmo após ajustamentos para comunidades expostas [razão de chances (odds ratio, ORajust = 2,01; intervalo de confiança de 95% (IC95% 1,01-4,01], gênero masculino (ORajust = 2,50; IC95% 1,21-5,18 e idade de 0 a 6 anos (ORajust = 5,00; IC95% 2,41-10,39. CONCLUSÃO: Mesmo em baixas concentrações de poluentes atmosféricos, a ocorrência de sintomas respiratórios em crianças e adolescentes nas comunidades no entorno de um PPQ esteve associada a residência na direção preferencial dos ventos, mostrando-se mais vulnerável o grupo de pré-escolares do gênero masculino.

  4. Detecção de hipertensão arterial em adolescentes através de marcadores gerais e adiposidade abdominal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diego G. D Christofaro

    2011-06-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A obesidade está ligada à hipertensão arterial (HA na infância. Entretanto, o papel da gordura como preditor de HA em adolescentes permanece desconhecido. OBJETIVO: Investigar a associação entre obesidade geral e abdominal com HA e identificar a sensibilidade e especificidade desses indicadores para detectar HA em adolescentes. MÉTODOS: A amostra consistiu em 1.021 adolescentes com idade de 10-17 anos. Os indivíduos foram classificados como normal, sobrepeso/obesidade, de acordo com as medidas do IMC, e como não-obeso com obesidade abdominal, de acordo com as medidas da circunferência da cintura (CC. A pressão arterial sistólica (PAS e diastólica (PAD foi avaliada através de um dispositivo oscilométrico. Regressão logística e curvas ROC foram usadas na análise estatística. RESULTADOS: A prevalência geral de HA foi 11,8% (13,4% em meninos e 10,2% em meninas. A prevalência de HA em meninos e meninas com sobrepeso/obesidade foi 10% e 11,1%, respectivamente. A prevalência de HA em meninos com obesidade abdominal foi 28,6%. Para ambos os sexos, o odds ratio (OR para HA foi mais alto na obesidade abdominal do que no sobrepeso/obesidade geral (4,09 [OR IC95% = 2,57-6,51] versus 1,83 [OR IC95% = 1,83-4,30]. O OR para HA foi mais alto quando sobrepeso/obesidade geral e obesidade abdominal estavam agrupados (OR = 4,35 [OR IC95% = 2,68 -7,05], do que quando identificados como sobrepeso/obesidade geral ou obesidade abdominal apenas (OR = 1,32 [OR IC95% = 0,65- 2,68]. Entretanto, ambos os tipos de obesidade apresentavam baixo poder preditivo na detecção de HA. CONCLUSÃO: Obesidade geral e obesidade abdominal foram associadas com HA; entretanto, a sensibilidade e especificidade dessas variáveis na detecção de HA são baixas em adolescentes brasileiros.

  5. ¿Aceptación o rechazo mutuos? Análisis del distanciamiento social entre adolescentes alemanes, turcos y reasentados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dr. Joachim Brüß

    2014-11-01

    Full Text Available Aunque Alemania es un país de inmigración, los estudios empíricos que comparen de forma explícita las percepciones mutuas entre dos o más grupos son escasos, especialmente cuando se centran en prejuicios o distanciamiento social. Este estudio sobre el terreno intenta valorar la naturaleza de las percepciones mutuas entre adolescentes alemanes, turcos y reasentados (Aussiedler. Los resultados de la investigación revelan diferencias significativas entre los grupos. En general, los adolescentes de ascendencia alemana son proclives a mantener cierta distancia para con los adolescentes turcos y reasentados, mientras que esto no se da en los adolescentes turcos. Los jóvenes reasentados tienden a distanciarse del grupo de posición social más baja (en este caso los adolescentes turcos, y al parecer aceptan al grupo de posición social más alta (en este caso los adolescentes alemanes. Teniendo en cuenta estos hallazgos, se mantiene la hipótesis de la asimetría según la Teoría de la Dominación Social.

  6. Trajetórias escolares de adolescentes em conflito com a lei

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marina Rezende Bazon

    2013-06-01

    Full Text Available O objetivo do presente estudo foi descrever o percurso e caracterizar as trajetórias escolares de adolescentes em conflito com a lei no tocante às suas experiências educacionais. Participaram seis adolescentes em cumprimento de Medida Socioeducativa e seus respectivos responsáveis. Coletaram-se informações em 22 estabelecimentos educacionais frequentados pelos mesmos, desde o início de suas vidas escolares, em complementação às entrevistas semiestruturadas realizadas. A análise qualitativa indicou a existência de dois padrões de trajetórias de escolarização, sendo um marcado pela descontinuidade na qualidade das vivências escolares, com um período inicial positivo, que torna-se negativo em seguida; e outro, cuja marca é a continuidade preponderantemente negativa da experiência, desde o início. Implicações dessas trajetórias ao surgimento e manutenção de conduta infracional são discutidas.

  7. Social norms of sexual initiation among adolescents and gender relations Normas sociales de iniciación sexual entre adolescentes y relaciones de género Normas sociais de iniciação sexual entre adolescentes e relações de gênero

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Luiza Vilela Borges

    2009-02-01

    Full Text Available This study aimed to identify standards and expectations regarding sexual initiation of 14 to 18 year-old adolescents in Sao Paulo, SP, Brazil, using data from four focal groups conducted in 2006. Results revealed that gender issues are clearly present in participants' reports and showed to be essential in their choices about the moment, partners and contraceptive practices in the first sexual relation. Adolescents are subordinated to gender roles, traditionally attributed to male and female genders, i.e. the notion that sex is an uncontrolled instinct for boys, and intrinsically and closely associated to love and desire for girls. Adolescents also play a preponderant role in the perpetuation of these values within the group they live in.Con el objetivo de identificar las normas y expectativas sociales que se encuentran en la iniciación sexual, fueron estudiados cuatro grupos de adolescentes entre 14 y 18 años de edad, en 2.006, en la ciudad de San Pablo, Brasil. Los datos mostraron que las cuestiones de género están claramente presentes en los discursos de los entrevistados y se mostraron fundamentales en las elecciones sobre: el momento, el compañero y las prácticas contraceptivas que se encuentran en la vivencia de la primera relación sexual. Los adolescentes están subordinados a los papeles de género, tradicionalmente atribuidos a los hombres y a las mujeres, y al concepto de que el sexo es un instinto físico e incontrolable entre los muchachos, y a la intrínseca relación entre el amor, el deseo y el sexo entre las muchachas; estas percepciones tienen también un papel preponderante para mantener estos valores en el grupo en que viven.Com o objetivo de identificar normas e expectativas sociais que cercam a iniciação sexual, foram estudados quatro grupos focais com adolescentes de 14 a 18 anos de idade, em 2006, na cidade de São Paulo, Brasil. Os dados mostraram que as questões de gênero estão claramente presentes nos

  8. Determinantes do consumo de frutas e hortaliças em adolescentes por regressão quantílica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberta Schein Bigio

    2011-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar o consumo de frutas, legumes e verduras (FLV de adolescentes e identificar fatores associados. MÉTODOS: Estudo transversal de base populacional com amostra representativa de 812 adolescentes de ambos os sexos de São Paulo, SP, em 2003. O consumo alimentar foi medido pelo recordatório alimentar de 24 horas. O consumo de FLV foi descrito em percentis e para investigar a associação entre a ingestão de FLV e variáveis explanatórias; foram utilizados modelos de regressão quantílica. RESULTADOS: Dos adolescentes entrevistados, 6,4% consumiram a recomendação mínima de 400 g/dia de FLV e 22% não consumiram nenhum tipo de FLV. Nos modelos de regressão quantílica, ajustados pelo consumo energético, faixa etária e sexo, a renda domiciliar per capita e a escolaridade do chefe de família associaram-se positivamente ao consumo de FLV, enquanto o hábito de fumar associou-se negativamente. Renda associou-se significativamente aos menores percentis de ingestão (p20 ao p55; tabagismo aos percentis intermediários (p45 ao p75 e escolaridade do chefe de família aos percentis finais de consumo de FLV (p70 ao p95. CONCLUSÕES: O consumo de FLV por adolescentes paulistanos mostrou-se abaixo das recomendações do Ministério da Saúde e é influenciado pela renda domiciliar per capita, pela escolaridade do chefe de família e pelo hábito de fumar.

  9. Varicocele e volume testicular em adolescentes e adultos jovens portadores de esquistossomose hepatoesplênica cirúrgica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Brandt Frederico Teixeira

    2003-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o volume testicular e a prevalência de varicocele em adolescentes e adultos jovens portadores de esquistossomose na forma hepatoesplênica associada a varizes sangrentas de esôfago. MÉTODOS: O estudo envolveu 22 adolescentes masculinos com esquistossomose na forma descrita, submetidos à esplenectomia, ligadura da veia gástrica esquerda e auto-implante de tecido esplênico no grande omento quando crianças. O tempo médio de seguimento foi de 4 anos após a intervenção. O grupo de voluntários sadios foi de adolescentes de uma escola na mesma região onde os casos operados viviam. Eles foram selecionados de forma randomizada, considerando a faixa de idade, características epidemiológicas e não serem infestados por equistossomose. Todos os participantes possuíam história clínica completa e foram submetidos a exame físico e ultra-sonográfico. Foi dado atenção especial as características sexuais, ultra-sonografia testicular e dopplerfluxometria das veias espermáticas. RESULTADOS: Dos pacientes classificados como adultos pela idade cronológica, 53,8% tinham genitais com características infantis. A incidência de varicocele foi igual a 61,5% no grupo afetado e 40% no grupo controle, sem diferença estatística entre os grupos (x 2 =1,77; g.1.=1; p=0,18 3 p Fisher=0,16, acometendo predominantemente o testículo esquerdo, em ambos os grupos. CONCLUSÃO: Pacientes com doença esquistossomótica cirúrgica tinham significante déficit no desenvolvimento puberal e genital, no volume testicular, especialmente do lado esquerdo, e alta prevalência de varicocele (61.5% sem uma associação direta com atrofia testicular.

  10. Método do limiar de variabilidade da frequência cardíaca aplicado em pré-adolescentes obesos e não obesos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mário Augusto Paschoal

    2011-06-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A detecção do limiar anaeróbico (LA pela análise da variabilidade da frequência cardíaca (LiVFC pode significar uma nova maneira de avaliação da capacidade funcional cardiorrespiratória (CFCR em pré-adolescentes. OBJETIVO: Testar o método de LiVFC para detecção do LA em pré-adolescentes não obesos (NO, obesos (O e obesos mórbidas (OM, a fim de determinar diferenças em sua CFCR. MÉTODOS: Foram estudados 30 pré-adolescentes, com idades entre 9 e 11 anos, divididos em três grupos de 10: a grupo NO - índice de massa corpórea (IMC com percentil do National Center for Chronic Disease Prevention and Health Promotion entre 5 e 85; b grupo O - IMC de percentil entre 95 e 97 e c grupo OM - IMC com percentil acima de 97. Todos foram submetidos a um protocolo incremental realizado em esteira rolante e registraram-se os batimentos cardíacos para detecção do LiVFC, que foi determinado pelo valor de 3,0 ms do índice do desvio-padrão 1 (SD1, extraído dos intervalos RR. RESULTADOS: Os valores médios no momento do LiVFC mostraram maiores valores para o grupo NO, destacando-se: a VO2 (ml/kg/min NO = 27,4 ± 9,2; O = 13,1 ± 7,6 e OM = 11,0 ± 1,7; b FC (bpm: NO = 156,3 ± 18,0; O =141,7 ± 11,4 e OM = 137,7 ± 10,4; e c distância percorrida (metros: NO = 1.194,9 ± 427,7; O = 503,2 ± 437,5 e OM = 399,9 ± 185,1. CONCLUSÃO: O LiVFC se mostrou efetivo para avaliação da CFCR e poderá vir a ser aplicado como método alternativo à ergoespirometria em determinadas situações.

  11. Estilos de vida na adolescência: comportamento sexual dos adolescentes portugueses

    OpenAIRE

    Ferreira, Maria Margarida da Silva Reis dos Santos; Torgal, Maria Constança Leite de Freitas Paúl Reis

    2011-01-01

    Estudos recentes têm demonstrado que actualmente os adolescentes iniciam a vida sexual cada vez mais cedo, sem contudo possuírem uma educação sexual consistente. Os objectivos deste estudo foram analisar o comportamento sexual de adolescentes do ensino secundário e identificar os hábitos de vigilância de saúde sexual em adolescentes, do ensino secundário, sexualmente activos. Realizou-se um estudo exploratório em que participaram 680 adolescentes, com idades entre 15 e 19 anos. Os resultados ...

  12. Estudo das habilidades sociais em adolescentes usuários de maconha Estudio de las habilidades sociales en adolescentes usuarios de marihuana The social skills study in adolescents marijuana users

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcia Fortes Wagner

    2009-03-01

    Full Text Available Esse estudo objetivou avaliar as habilidades sociais de adolescentes usuários de maconha e comparar seu desempenho com o de não-usuários. Os instrumentos utilizados foram: Inventário de Habilidades Sociais - IHS; Screening Cognitivo do WISC-III e do WAIS-III, Inventários de Ansiedade e Depressão de Beck. A amostra constituiu-se de 98 adolescentes, com idades de 15 a 22 anos, dos quais 49 eram usuários de maconha e 49 não o eram. Os resultados mostraram maiores prejuízos no grupo de usuários de maconha no screening cognitivo e na presença de sintomas de ansiedade e depressão. Os achados evidenciaram diferenças estatísticas significativas no grupo de usuários de maconha, com um desempenho mais prejudicado no Fator 4 (auto-exposição a desconhecidos ou a situações novas e no Fator 5 (autocontrole da agressividade em situações aversivas. Conclui-se que adolescentes usuários de maconha apresentam mais prejuízos nas habilidades do que adolescentes não usuários de substâncias.Esta investigación tuvo como objetivo evaluar las habilidades sociales de adolescentes usuarios de marihuana y comparar su desempeño con adolescentes no usuarios de esta droga. Los instrumentos utilizados fueron: Inventario de Habilidades Sociales - IHS; Screening Cognitivo del WISC-III y del WAIS-III, Inventarios de Ansiedad y Depresión de Beck. La muestra se constituyó de 98 adolescentes, 49 usuarios de marihuana y 49 no usuarios, con edades entre 15 y 22 años. Los resultados mostraron mayores perjuicios en el grupo de usuarios de marihuana en el screening cognitivo y en la presencia de síntomas de ansiedad y depresión. Los hallazgos evidenciaron diferencias estadísticas significativas en el grupo de usuarios de marihuana, con un desempeño más perjudicado en el Factor 4, Autoexposición a desconocidos o a situaciones nuevas y en el Factor 5, Autocontrol de la agresividad a situaciones aversivas. Se concluyó que adolescentes usuarios de

  13. Consumo de substâncias psicoativas em uma amostra de adolescentes e sua relação com o comportamento sexual

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciane Miozzo

    2013-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o consumo de substâncias psicoativas e o padrão de comportamento sexual em alunos do ensino médio, na cidade de Serafina Corrêa - RS, com uma população aproximada de 15 mil habitantes. MÉTODO: Em estudo transversal, a amostra foi composta por todos os alunos, de ambos os sexos, que estavam cursando o ensino médio nessa cidade. Foram aplicados: um questionário para verificação das variáveis sociodemográficas, um sobre comportamento sexual e outro sobre o consumo de drogas. RESULTADOS: A amostra constituiu-se de 453 alunos, sendo 261 (57,62% do sexo feminino. A droga mais usada durante a vida foi o álcool (82,34%, seguida por tabaco (12,58%, maconha (6,62% e cocaína (5,30%. Em relação ao comportamento sexual dos adolescentes, observou-se que 247 (54,5% referiram já ter tido relação sexual. Foi encontrada uma associação entre o adolescente já ter utilizado drogas em geral (p < 0,001, álcool (p < 0,001 ou tabaco (p = 0,023 e já ter tido relação sexual. CONCLUSÃO: O estudo permitiu conhecer o uso de drogas e características do comportamento sexual dos adolescentes dessa cidade e poderá ser útil para a elaboração de um programa de intervenção para diminuir os fatores de risco para drogadição, incluindo a educação para a promoção da saúde.

  14. Asociación entre depresión e ideación suicida en un grupo de adolescentes colombianos

    OpenAIRE

    Elsa Fernanda Siabato Macías; Ingrid Xiomara Forero Mendoza; Yenny Salamanca Camargo

    2017-01-01

    Objetivo. Estimar la asociación entre los síntomas depresivos y la ideación suicida en adolescentes. Método. Se realizó un estudio de corte transeccional, en el cual se aplicó el Cuestionario de Depresión Infantil (CDI) y el Inventario de Ideación Suicida Positiva y Negativa (PANSI) a un grupo de 289 adolescentes escolarizados (126 hombres y 163 mujeres), con edades comprendidas entre 14 y 17 años, matriculados en cuatro instituciones educativas públicas de Tunja, Colombia. Resultados. El 30%...

  15. Autoestima de riesgo y protección: una mediación entre el clima familiar y el consumo de sustancias en adolescentes

    OpenAIRE

    Jiménez, Teresa I.

    2011-01-01

    El objetivo del presente trabajo es analizar las relaciones directas e indirectas entre la calidad del clima familiar, la autoestima del adolescente considerada desde una perspectiva multidimensional (autoestima familiar, escolar, social y física) y su consumo de sustancias (tabaco, alcohol y marihuana). La muestra está constituida por 414 adolescentes españoles de entre 12 y 17 años estudiantes en centros educativos de secundaria. Para el análisis de los datos se utiliza la técnica estadísti...

  16. Instrumentos específicos para avaliar a qualidade de vida em crianças e adolescentes com asma

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristian Roncada

    2013-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar e descrever os instrumentos específicos que avaliam a QVRS de crianças e adolescentes com asma. FONTES DOS DADOS: Realizamos buscas nas bases de dados PubMed, Ovid e LILACS utilizando várias combinações de descritores (MeSH terms, selecionando artigos originais sobre desenvolvimento de questionários específicos de QVRS, publicados em inglês, português ou espanhol, entre 1990 e 2012. SÍNTESE DOS DADOS: Foram identificados 15 instrumentos que preencheram os critérios de inclusão. A maioria dos estudos avaliou confiabilidade mediante consistência interna e/ou reprodutibilidade e/ou sensibilidade às mudanças. A validade foi avaliada mediante a comparação com hígidos (validade discordante ou análise fatorial. CONCLUSÕES: Dos 15 instrumentos, três são os mais utilizados, o PAQLQ, o PedsQL-Asthma e DISABKIDS. Em geral, estes três instrumentos possuem características psicométricas adequadas e são práticos de aplicar, mas apenas o PAQLQ completou a adaptação cultural para o Brasil.

  17. Prevalência e associação de asma e rinite em adolescentes de 13 e 14 anos de Fortaleza, Ceará, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria de Fátima Gomes de Luna

    2011-01-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar a prevalência e associação de asma e rinite. Trata-se de estudo transversal envolvendo 3.015 adolescentes de 13-14 anos de Fortaleza, Ceará, Brasil, de escolas públicas e privadas, utilizando-se o protocolo do International Study of Asthma and Allergies in Childhood (ISAAC, em 2006/2007. A prevalência de asma foi 22,6%; de rinite, 43,2% e de rinoconjuntivite, 18,7%, predominando no sexo feminino (p = 0,002, p < 0,001 e p < 0,001, respectivamente e nos adolescentes das escolas privadas (p < 0,001. Entre os adolescentes que relataram asma, a taxa de rinite foi de 64,4% e de rinoconjuntivite, 35,3%. A taxa da associação asma-rinite na população foi de 14,6%, e asma-rinoconjuntivite, 8%, predominando no sexo feminino (p < 0,001 e p < 0,001, respectivamente e associando-se a sibilos com limite da fala (p = 0,037 e p = 0,004, respectivamente. O estudo pode contribuir para alertar os profissionais de saúde quanto à importância da abordagem integrada dessas enfermidades, considerando o conceito da "via aérea única" e buscando opções de tratamento que atuem nas duas condições quando presentes simultaneamente.

  18. Diagnosis of overweight and obesity in adolescents from the 1993 Pelotas Birth Cohort Study, Rio Grande do Sul State, Brazil: comparison of two diagnostic criteria Diagnóstico de sobrepeso e obesidade em adolescentes da coorte de nascimentos de 1993 de Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil: comparação entre dois critérios de avaliação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria de Fátima Alves Vieira

    2007-12-01

    Full Text Available Various cut-off points for body mass index have been proposed to assess nutritional status in adolescents. The aim of this study was to compare two methods for evaluating overweight and obesity. In 2004-5, 4,452 adolescents from the 1993 Pelotas (Brazil birth cohort study were evaluated, representing 87.5% of the original cohort. Overweight and obesity were evaluated using the methods proposed by the World Health Organization (WHO and International Obesity Task Force (IOTF. Prevalence of overweight was similar when comparing the two methods (WHO: 23.2%; IOTF: 21.6%. Prevalence of obesity was higher according to the WHO criterion (total sample: 11.6%; boys: 15.1%; girls: 8.2% as compared to IOTF (total sample: 5.0%; boys: 5.6%; girls: 4.4%. The kappa statistic was around 0.9 for determining overweight and 0.4 for obesity. The IOTF classification showed high specificity in comparison to the WHO criterion for determining overweight and obesity. However, sensitivity was high for overweight but low for obesity. Our data show that the IOTF classification underestimates the prevalence of obesity in early adolescence.Vários pontos de corte para o índice de massa corporal têm sido propostos para avaliação nutricional de adolescentes. O objetivo deste estudo foi comparar dois métodos de avaliação de sobrepeso e obesidade. Em 2004-2005, foram avaliados 4.452 adolescentes pertencentes à coorte de nascimentos de 1993 de Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil, representando 87,5% da coorte original. Sobrepeso e obesidade foram avaliados segundo os métodos da Organização Mundial da Saúde (OMS e do International Obesity Task Force (IOTF. As prevalências de sobrepeso foram semelhantes entre os métodos: OMS: 23,2%; IOTF: 21,6%. A obesidade foi maior com o método da OMS (amostra total: 11,6%; meninos: 15,1%; meninas: 8,2% do que com a classificação IOTF (amostra total: 5%; meninos: 5,6%; meninas: 4,4%. Para determinação de sobrepeso, o

  19. História gestacional e características da assistência pré-natal de puérperas adolescentes e adultas em uma maternidade do interior de Minas Gerais, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Angélica Vieira Santos

    Full Text Available Resumo O objetivo desta pesquisa foi analisar a história gestacional e as características da assistência pré-natal de puérperas adolescentes e adultas em uma maternidade localizada em uma cidade de Minas Gerais, referência para a macrorregião de saúde do Jequitinhonha. Trata-se de um estudo transversal descritivo. Entrevistou-se 327 puérperas, entre maio de 2013 a março de 2014, utilizando um instrumento semiestruturado. Predominou o número de puérperas adultas com uma amostra de 255. Com relação ao pré-natal, 324 puérperas realizaram as consultas. Quanto ao local de realização do pré-natal, 79,2% das adolescentes, realizaram no serviço público de saúde, enquanto entre as adultas essa porcentagem foi de 60,4%. Quanto ao tipo de parto, 54,7% das puérperas o tiveram normal e 45% cesárea. Entre as adolescentes, houve uma maior porcentagem de parto normal comparado às adultas, e esse dado teve relação estatisticamente significativa com a idade da puérpera. Com relação à idade gestacional no momento do parto, 85,9% tiveram seus partos a termo; 13,5% pré-termo e 0,6% pós-termo. Evidenciou-se que as puérperas adolescentes estiveram em desvantagem em relação às demais mães no que diz respeito tanto às características socioeconômicas quanto na assistência recebida no pré-natal.

  20. Motivos e prevalência de insatisfação com a imagem corporal em adolescentes

    OpenAIRE

    Petroski,Edio Luiz; Pelegrini,Andreia; Glaner,Maria Fátima

    2012-01-01

    OBJETIVO: Verificar os motivos e a prevalência de insatisfação com a imagem corporal (IC) em adolescentes. Métodos: Participaram do estudo 641 adolescentes de 11 a 17 anos. A imagem corporal foi autoavaliada através da escala de nove silhuetas corporais. Resultados: A prevalência de insatisfação com a IC foi de 60,4% (masculino = 54,5%, feminino = 65,7%; p < 0,05). Os rapazes (26,4%) apresentaram maior desejo em aumentar o tamanho da silhueta corporal, enquanto as moças (52,4%) desejavam dimi...

  1. Reincidência de gravidez em adolescentes Subsequent pregnancy among adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Zenilda Vieira Bruno

    2009-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar os aspectos epidemiológicos na reincidência de gravidez na adolescência. MÉTODOS: estudo de coorte que incluiu 187 adolescentes grávidas, atendidas e acompanhadas durante cinco anos após o parto em um serviço de atendimento de adolescentes do Estado do Ceará. Foram analisados: faixa etária, estar ou não estudando, morar com os pais, escolaridade, condição marital e condição do companheiro atual. Os dados foram digitados e analisados no programa EPI-INFO. Foram feitas análises estatísticas das variáveis independentes (idade, escolaridade, estudar, trabalhar, morar com os pais, estado civil e mudança de parceiro e comparadas quanto à variável dependente (ter ou não uma nova gravidez cinco anos depois. O teste exato de Fisher foi utilizado para avaliar associação entre os fatores que poderiam influenciar a repetição da gravidez, considerado como tendo associação quando o pPURPOSE: to evaluate epidemiological aspects in recurrent adolescence pregnancy. METHODS: cohort study including 187 pregnant adolescents attended and followed-up for five years after delivery in an adolescent's attendance service in Ceará state. Age group, being or not at school, living with parents, schooling, marital status and the present partner's condition were analyzed. Data were processed by the EPI-INFO program. Statistical analysis of the independent variables (age, schooling, being at school, having a job, living with parents, marital status and switching partners was done and compared to the dependent variable (being or not pregnant after five years. The Fisher's exact test was used to evaluate the association among factors which could influence the pregnancy recurrence, the association being present when p<0.05. Risks related to schooling, marital status and multiple partners have been calculated, since these were significant factors for pregnancy recurrence. RESULTS: 61% of the adolescents got pregnant in the five years

  2. A atenção em saúde mental aos adolescentes em conflito com a lei no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nilson do Rosário Costa

    Full Text Available Resumo O trabalho analisa a utilização de medicamentos psicoativos por adolescentes infratores em unidades socioeducativas (USES no Brasil. Descreve as diretrizes da política pública nacional e a qualidade da coordenação da atenção em saúde mental pelos governos subnacionais. O artigo tem como hipótese que a governança verticalizada da USES está associada à utilização de medicação psicoativa. O modelo da pesquisa foi estudo comparado dos casos do Rio Grande do Sul (RS e Minas Gerais. Os dados resultaram da coleta em prontuários e entrevistas com informantes-chave. O artigo demonstra que a governança vertical observada no RS está associada à alta prevalência de diagnósticos de transtorno mental, uso de medicamentos psicoativos e de medicalização psiquiátrica pelos adolescentes privados de liberdade. As evidências revelam que as sanções de privação de liberdade por atos infracionais produzem decisões de medicalização que ameaçam o direito dos adolescentes no campo da saúde. As diretrizes da política nacional incentivam escolhas mais cautelosas. As psicoterapias e as ações de reabilitação são as intervenções de primeira linha defendidas. O manejo pouco cuidadoso da intervenção psicofarmacológica favorece a múltiplas prescrições.

  3. Fatores de risco para dependência de álcool em adolescentes Factores de riesgo en adolescentes con dependencia al alcohol Risk factors for alcohol dependence in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leandro Rozin

    2012-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar os fatores de risco para dependência do álcool na adolescência. MÉTODOS: Revisão integrativa com 21 artigos publicados entre 2000 e 2009, capturados nas bases de dados LILACS, BVS, MEDLINE, COCHRANE e IBECS com as palavras-chave: adolescência, risco para dependência e álcool. RESULTADOS: Há evidências de que o álcool é a droga mais consumida por adolescentes, com início entre 14 a 16 anos. Os fatores de risco para dependência estão relacionados ao início precoce do uso, influência da mídia, relacionamento conturbado com os pais, uso por membro da família, abuso sexual, violência doméstica, baixa autoestima, curiosidade, pressão de colegas, entre outros. Apontam a vulnerabilidade genética para a dependência do álcool e controvérsias em relação ao gênero e classe social. CONCLUSÃO: Os serviços de saúde devem incorporar estratégias preventivas de identificação de riscos para a dependência, controle e acompanhamento específicos ao grupo de adolescentes dependentes.OBJETIVO: Identificar los factores de riesgo en adolescentes con dependencia al alcohol. MÉTODOS: Revisión integrativa realizada con 21 artículos publicados entre 2000 y 2009, identificados en las bases de datos LILACS, BVS, MEDLINE, COCHRANE e IBECS con las palabras-clave: adolescencia, riesgo a dependencia y alcohol. RESULTADOS: Hay evidencias de que el alcohol es la droga más consumida por adolescentes, con inicio entre 14 a 16 años. Los factores de riesgo para la dependencia están relacionados al inicio precoz del uso, influencia de los medios de comunicación, relacionamiento conturbado con los padres, uso por un miembro de la familia, abuso sexual, violencia doméstica, baja autoestima, curiosidad, presión de colegas, entre otros. Apuntan la vulnerabilidad genética para la dependencia al alcohol y controversias en relación al género y clase social. CONCLUSIÓN: Los servicios de salud deben incorporar estrategias

  4. Reincidência da gravidez em adolescentes de Teresina, PI, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Inez Sampaio Nery

    2011-02-01

    Full Text Available A gravidez na adolescência é um problema de saúde pública, tornando-se mais grave em virtude da reincidência. De 1,1 milhões de parturientes adolescentes, 25% tem um filho. Objetivou-se analisar os fatores sócio-econômico-cultural e obstétrico da reincidência de gravidez na adolescência em Teresina, PI, Brasil por meio de um estudo interrelacional retrospectivo. A amostra incluiu 464 jovens que finalizaram uma gestação no primeiro quadrimestre de 2006. Destas, 47,6% encontrava-se em união consensual; 69,6% fora da escola; 86,9% com escolaridade inadequada para a idade; 72,2% sem trabalho remunerado. Este perfil evidencia a escassez de políticas públicas que contemplem o adolescente. A elaboração e efetivação dessas políticas deveriam incluir família, escola e comunidade para redução dos indicadores de gravidez e doenças sexualmente transmissíveis

  5. Reincidência da gravidez em adolescentes de Teresina, PI, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Inez Sampaio Nery

    Full Text Available A gravidez na adolescência é um problema de saúde pública, tornando-se mais grave em virtude da reincidência. De 1,1 milhões de parturientes adolescentes, 25% tem um filho. Objetivou-se analisar os fatores sócio-econômico-cultural e obstétrico da reincidência de gravidez na adolescência em Teresina, PI, Brasil por meio de um estudo interrelacional retrospectivo. A amostra incluiu 464 jovens que finalizaram uma gestação no primeiro quadrimestre de 2006. Destas, 47,6% encontrava-se em união consensual; 69,6% fora da escola; 86,9% com escolaridade inadequada para a idade; 72,2% sem trabalho remunerado. Este perfil evidencia a escassez de políticas públicas que contemplem o adolescente. A elaboração e efetivação dessas políticas deveriam incluir família, escola e comunidade para redução dos indicadores de gravidez e doenças sexualmente transmissíveis

  6. Caracterização de adolescentes do sexo masculino em relação a comportamentos antissociais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Vilela Komatsu

    2015-01-01

    Full Text Available El objetivo de este estudio es caracterizar los comportamientosdivergentes e infraccionales en muestras de adolescentes brasileños, compuestas por 133 adolescentesde la población en general, reclutados de las escuelas públicas, y otros 60 adolescentes judicializados,reclutados de programas de medida judicial. Los participantes respondieron a un cuestionario decomportamiento juvenil, incluyendo comportamientos divergentes y delictivos. Resultados: la mayoríade los adolescentes de la población ya usó alcohol (61%, ya cometieron algún acto delictivo (77% yuna pequeña parte ya hizo uso de marihuana (12%. Entre los judicializados, todos revelaran delitosy 93% uso de alcohol y 85% el consumo de marihuana. La media del número de delitos distintos yahecho y el número de delitos en el último año fue significativamente mayor entre los adolescentesjudicializados.

  7. Tratamento do transtorno de ansiedade social em crianças e adolescentes

    OpenAIRE

    Isolan,Luciano; Pheula,Gabriel; Manfro,Gisele Gus

    2007-01-01

    CONTEXTO: Transtorno de ansiedade social é um transtorno incapacitante e altamente prevalente em crianças e adolescentes ao longo da vida, de acordo com os critérios do DSM-IV, variando de 0,7% a 3,5%. Se não tratado, pode interferir no funcionamento emocional, social e escolar. OBJETIVOS: Avaliar a evidência atual para a eficácia e efetividade de intervenções farmacológicas e psicoterápicas no tratamento do transtorno de ansiedade social na infância e na adolescência. MÉTODOS: Pesquisas fora...

  8. Violência, culpa e ato: causas e efeitos subjetivos em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Henrique Figueiredo Carneiro

    2010-12-01

    Full Text Available Este trabalho apresenta um relato de pesquisa realizada sobre a violência e o adolescente, evidenciando o objetivo, as causas e os efeitos subjetivos que desencadeiam a violência na atualidade. Apresenta também uma investigação qualitativa com referencial teórico-conceitual da psicanálise, em destaque os conceitos de mal-estar, lei, anomia, limites, laços sociais, necessidade, desejo, culpa, passagem ao ato, individualismo, discurso capitalista, amor, vida e morte. Foram utilizados fotografias e fragmentos de filmes apresentados aos adolescentes inseridos no projeto Pró-jovem, desenvolvido na cidade de Maracanaú, Ceará, Brasil. As análises confirmaram os pressupostos da pesquisa de que a violência guarda relação direta com a ineficácia dos discursos normativos, que a culpa não comparece em consequência dos atos desfechados contra o próximo e que o sujeito não se guia por uma referência mítica do representante da lei.(* Colaboradores da pesquisa: doutora Marta Gerez Ambertín (Universidad de Santiago del Estero - Argentina; mestra em Psicologia Márcia Batista dos Santos (Universidade de Fortaleza - Brasil; alunos de Mestrado em Psicologia: Thiago Costa Matos Carneiro da Cunha (Labio, Rossana Vaz Borja (Labio, Carla Renata Braga de Souza (Labio/Leipcs, Lisieux D’Jesus Luzia de Araújo Rocha (Labio/Otium - Universidade de Fortaleza - Brasil; graduado em Psicologia Marcus Vinicius Ximenes Rocha (Universidade de Fortaleza – Brasil; bolsista de I. C. CNPq: Ricardo Pinheiro Maia Júnior; bolsista de I. C. Funcap: Rayana Silva Lima (Universidade de Fortaleza. Projeto apoiado pelo CNPq por meio de Bolsa de Produtividade em Pesquisa concedida ao Prof. Dr. Henrique Figueiredo Carneiro.

  9. Efeito da atividade física associada à orientação alimentar em adolescentes obesos: comparação entre o exercício aeróbio e anaeróbio Efecto de la actividad física asociada a la orientación alimentar en adolescentes obesos: comparación entre el ejercicio aeróbico y anaeróbico Effect of physical activity associated with nutritional orientation for obese adolescents: comparison between aerobic and anaerobic exercise

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata Viccari Sabia

    2004-10-01

    Full Text Available A obesidade na adolescência é uma doença universal de prevalência mundial crescente, assumindo caráter epidemiológico como problema de saúde pública na sociedade moderna. Este trabalho teve como objetivo comparar o efeito do exercício físico aeróbio contínuo e anaeróbio intermitente associado à orientação alimentar sobre a composição corporal, as medidas bioquímicas e a capacidade física de adolescentes obesos. Foram investigados 28 adolescentes (média de idade = 13 anos, com índice de massa corporal (IMC acima do percentil 95 para a idade e sexo, distribuídos em dois grupos de forma aleatória: exercício de caminhada contínua (GEC; n = 13 e exercício de corrida intermitente (GEI; n = 15 e submetidos a um programa de treinamento físico três vezes por semana durante 16 semanas por 20 a 40 minutos. A atividade de orientação nutricional ocorreu uma vez por semana, em grupo, por 60 minutos, durante todo o experimento. Foram realizadas, no período inicial e final, medidas de peso e altura, pregas subcutâneas, circunferências do braço (CB e muscular do braço (CMB, composição corporal por bioimpedância elétrica, análises bioquímicas séricas (glicemia e lipídios e determinação direta de consumo máximo de oxigênio (VO2max e limiar anaeróbio (LAn. Como resultados antropométricos, observamos diminuição do IMC e das pregas cutâneas com diferença significativa nos dois grupos (GEC e GEI. Na avaliação bioquímica, houve diminuição significativa nos níveis séricos de HDL e LDL, colesterol total, e aumento do triglicérides e glicemia no GEC, embora mantendo-se dentro dos valores de normalidade. No GEI, o HDL e triglicérides tiveram diminuição significativa. O VO2max aumentou estatisticamente nos dois grupos. Concluímos que a atividade física proposta e a orientação alimentar, tanto para o GEC quanto para GEI, foi suficiente e satisfatória, promovendo diminuição ponderal, melhora da composi

  10. Prática de atividade física habitual entre adolescentes com deficiência visual La actividad física habitual entre los adolescentes con discapacidad visual Habitual physical activity among adolescents with visual impairments

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruna Barboza Seron

    2012-06-01

    Full Text Available A prática de atividade física é reconhecida como uma potente ferramenta na prevenção de doenças crônico-degenerativas, entretanto ainda se observa um elevado índice de sedentarismo na população, especialmente na parcela composta por pessoas com deficiência. O objetivo desse estudo foi analisar a prática habitual de atividade física em adolescentes com deficiência visual. Para tanto, 16 adolescentes com deficiência visual (idade = 12,81 ± 2,07 anos responderam a questionários e utilizaram pedômetro por quatro dias. Foi utilizada estatística descritiva, teste t independente e correlação, adotando-se em todas as situações significância de alfa La actividad física es reconocida como una herramienta en la prevención de las enfermedades crónicas degenerativas, sin embargo, ha observado una alta tasa de inactividad de la población, sobre todo en la parte compuesta por personas con discapacidad. El objetivo de este estudio fue analizar la práctica de actividad física en adolescentes con discapacidad visual. Para ello, 16 adolescentes con discapacidad visual (edad = 12,81 ± 2,07 años completaron cuestionarios y se utilizó podómetro durante 4 días. Fue utilizada estadística descriptiva, prueba t independiente y correlación, importancia de la alfa Physical activity practice is known as a great tool in chronic diseases prevention, however we can observe a high prevalence of sedentary habits, especially among people with disability. The purpose of this study was to analyze habitual physical activity practice in adolescents with visual impairment. For that, 16 adolescents with visual impairment (age = 12.81 ± 2.07 years old answered a questionnaire and used pedometer for four days. It was used descriptive statistic, independent T test and correlation, in every case with significance level alpha < 0.05. Results showed that physical activity level among adolescents was often below the recommended parameters. Girls and those

  11. Perception of mercury contamination by Brazilian adolescents in a gold mining community: an ethnographic approach Percepção da contaminação por mercúrio entre adolescentes de uma comunidade em área de garimpo de ouro: uma abordagem etnográfica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gabriel Novais

    2009-12-01

    Full Text Available This study used ethnographic methods to examine the perception of mercury contamination by adolescents in the mining community of Pocon��, Mato Grosso, Brazil. In Phase I, 53 students aged 13 to 16 years in six schools presented theatrical sketches about community health risks to generate key terms for a pile sorting activity in Phase II. Mercury was reported by four of the 15 groups (26%. In Phase II, researchers conducted semi-structured interviews and pile sorts with 31 students to assess adolescent attitudes about mercury and to generate an ethnomedical model of mercury perception. The lack of consensus evident in the model reveals that while students view mercury as an overall threat, many of them do not understand how its presence can harm human health. Few adolescents felt confident about their knowledge (3% or could accurately explain how it was used (9%, even though many of them had relatives working as miners (55%. Further analysis of pile sort data suggests that mercury may not belong in a "typical risks" domain. The authors argue that ethnographic methods are a useful tool for public health research, and hope that these findings can contribute to health education interventions in the field.Foram utilizados métodos etnográficos para avaliar a percepção de adolescentes escolares sobre a contaminação por mercúrio na cidade de Poconé, Mato Grosso, Brasil. Na Fase I, 53 estudantes (13 a 16 anos de idade de seis escolas do ensino fundamental apresentaram aos pesquisadores temas sobre saúde pública que geraram palavras-chave para a Fase II (cartões-estímulo. Mercúrio foi citado por quatro dos quinze grupos (26% formados por dois a cinco estudantes. Na Fase II, os pesquisadores realizaram entrevistas semi-estruturadas e cartões-estímulo em 31 estudantes para avaliar atitudes sobre mercúrio que geraram um modelo etnomédico. A falta de consenso evidenciada neste modelo revelou que enquanto alguns estudantes percebiam o

  12. Crianças e adolescentes com insuficiência renal em hemodiálise: percepção dos profissionais

    OpenAIRE

    Abreu,Isabella Schroeder; Nascimento,Lucila Castanheira; Lima,Regina Aparecida Garcia de; Santos,Claudia Benedita dos

    2015-01-01

    RESUMO Objetivo: identificar aspectos impactantes na qualidade de vida de crianças e adolescentes com insuficiência renal crônica em hemodiálise, sob a ótica de profissionais de saúde, como etapa essencial para a construção do módulo específico do instrumento DISABKIDS®. Método: estudo metodológico. Coleta de dados entre maio e junho de 2012, por meio de entrevistas individuais com 12 participantes, em dois centros de diálise. Analisou-se o material empírico segundo análise de conteúdo temá...

  13. ADOLESCENTES EM CONFLITO COM A LEI NO CONTEXTO DE DESIGUALDADES: UMA ANÁLISE SOBRE A COMUNICAÇÃO E O DIREITO NA SOCIEDADE

    OpenAIRE

    Azevedo, Kátia Simone; Reboucas, Gabriela Maia

    2017-01-01

    Este artigo explora o tema do adolescente em conflito com a lei a partir da relação entre os meios de comunicação e o direito em um contexto de desigualdades. Enquanto espaço hegemônico de informação e representante de um modelo de desenvolvimento a serviço do consumo e da violência, a mídia nega os direitos humanos ao promover um cenário de violações por meio do qual o sensacionalismo da notícia inviabiliza um projeto social coletivo comprometido com a formação cidadã. Do ponto de vista meto...

  14. SÍNDROMES HIPERTENSIVAS GRAVES – ESTUDO DESCRITIVO COM ADOLESCENTES ATENDIDAS EM MATERNIDADE ESCOLA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andreia Gregório Lima

    2012-01-01

    Full Text Available Estudio exploratorio y descriptivo, con objetivo de analizar los datos clínicos y obstétricos relacionados a síndromes hipertensivos graves en adolescentes asistidas en maternidad escuela de Recife-PE, Brasil. La población fue de 186 adolescentes embarazadas con preeclampsia severa y/o eclampsia entre 2003 y 2008. La edad varió entre 15 y 19 años, eran negras, solteras y con baja escolaridad. La mayoría era primíparas, pero la recurrencia del embarazo fue de 16% de los casos. Realizaran seis o más consultas de prenatal, el embarazo avanzó a término y el tipo de parto más frecuente fue la cesárea. Las comorbidades identificadas fueron alteraciones de volumen del líquido amniótico, cuadros hemorrágicos e infecciosos. Fueron identificados también casos de retraso del crecimiento intrauterino, prematuridad, ictericia, hipoxia y bajo peso al nacer. El embarazo en la adolescencia asociado con los síndromes hipertensivos severos posee relación con complicaciones maternas, fetales y neonatales.

  15. Adolescentes com experiência de vida nas ruas: compreendendo os significados da Maternidade e Paternidade em um contexto de vulnerabilidade/desfiliação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela Tavares Gontijo

    2007-12-01

    Full Text Available Crianças e adolescentes fazendo das ruas seu espaço de sobrevivência traz à tona o processo de vulnerabilidade social vivenciado por muitas famílias brasileiras marcadas pela situação de miséria, abandono e violência. Nestes grupos Castel (2005 identifica um processo crescente de fragilização e ruptura dos laços que as inserem no trabalho e nas relações sociais que lhes servem de suporte no cotidiano, podendo culminar na situação de desfiliação, tornando os indivíduos supranumerários, uma vez que flutuam na estrutura social sem encontrar um lugar designado. Neste contexto, muitos adolescentes vivenciam a sexualidade e a possibilidade ou a experiência de ser tornarem pais ou mães, baseados nos valores individuais mas também relacionados às limitações e possibilidades subjacentes a estes processos. O objetivo deste estudo foi analisar os significados de maternidade e paternidade para adolescentes com experiência de vida nas ruas, relacionando-os ao processo de vulnerabilidade/desfiliação discutido por Castel. Pesquisa social estratégica realizada em duas instituições não-governamentais que assistem adolescentes em situação de rua no município de Goiânia. Participaram deste estudo 13 adolescentes com idade entre 12 e 17 anos que viviam em situação de rua há pelo menos 6 meses. Os dados, coletados por meio de entrevistas semi-estruturadas e observação participante, e analisados no Método de Interpretação de Sentidos segundo os temas A Danada da Rua e Pai apóia, mãe é 24hs. De uma forma geral, foi possível identificar como o processo de vulnerabilidade e desfiliação caracteriza e marca a trajetória de vida destes adolescentes. Além disso, que os processos de significação da maternidade e paternidade são impregnados tanto pelo contexto vivenciado, como também por valores relacionados às relações de gênero consideradas tradicionais na sociedade contemporânea. Assim, foi possível identificar

  16. CONSENSO CULTURAL SOBRE EL INTENTO DE SUICIDIO EN ADOLESCENTES/ CULTURAL CONSENSUS REGARDING SUICIDE ATTEMPTS IN ADOLESCENTS/ CONSENSO CULTURAL SOBRE TENTATIVA DE SUICÍDIO EM ADOLESCENTES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Ignacio Cruz Gaitán

    2011-12-01

    Full Text Available Este estudio buscó identificar la estructura semántica del dominio cultural, el promedio de conocimiento y el grado de consenso cultural manifestado por los adolescentes sobre el intento de suicidio. Fue un estudio cualitativo de listas libres, con un muestreo propositivo no aleatorizado de 27 adolescentes entre 13 y 18 años. Los resultados evidenciaron un solo modelo semántico. En lo estructural se identificó el problema familiar como una causa importante del intento suicida; las categorías depresión y tristeza se consideraron como signos y síntomas previos a esta tentativa y no como causas. Como estrategias de prevención, se consideró recibir información mediante pláticas o establecer conversaciones sobre los problemas. Este modelo permite proponer estrategias de prevención que privilegien el núcleo familiar.

  17. Anti-HBs levels among children and adolescents with complete immunization schedule against hepatitis B virus. A cross-sectional study in Blumenau, State of Santa Catarina, Brazil, 2007-2008 Níveis de anti-HBs entre crianças e adolescentes com o esquema completo de imunização contra o vírus da hepatite B. Um estudo transversal em Blumenau, Estado de Santa Catarina, 2007-2008

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andréa do Livramento

    2011-08-01

    Full Text Available INTRODUCTION: Vaccination is the main tool for preventing hepatitis B virus (HBV infection; however, following the completion of the vaccination series, the concentrations of anti-HBs can decline over the years and reach levels less than 10mIU/mL. The persistence of protection in these individuals is still unknown. The present study aimed to determine the anti-HBs antibody levels among children and adolescents who had received a complete vaccination course for hepatitis B. METHODS: Antibodies against HBV surface antigen (anti-HBs were tested in 371 individuals aged 10 to 15 years-old. RESULTS: Volunteers who showed undetectable quantities of anti-HBs accounted for 10.2% of the population studied and 39.9% presented antibody titers of less than 10mIU/mL. Anti-HBs > 10mIU/mL were verified in 49.9%. CONCLUSIONS: These results corroborate other studies indicating levels of anti-HBs below 10mIU/mL in vaccinated individuals. Additional studies are required to assess whether this indicates susceptibility to HBV infection and the need and age for booster doses.INTRODUÇÃO: A vacinação é o principal instrumento para prevenir a infecção pelo vírus da hepatite B. Todavia, após a conclusão da série de vacinação, as concentrações de anti-HBs podem diminuir ao longo dos anos e atingir níveis inferiores a 10mUI/mL. A persistência da proteção nestes indivíduos ainda é desconhecida. O presente estudo objetivou determinar os níveis do anticorpo anti-HBs em crianças e adolescentes que receberam o esquema completo de vacinação para a hepatite B. MÉTODOS: O anticorpo para o antígeno de superfície do vírus da hepatite B (anti-HBs foi testado em 371 indivíduos com idade entre 10-15 anos. RESULTADOS: Os voluntários que apresentaram quantidades indetectáveis de anti-HBs corresponderam a 10,2% da população estudada, e 39,9% apresentaram títulos do anticorpo inferiores a 10mUI/mL. Anti-HBs > 10mUI/mL foi verificado em 49,9%. CONCLUS

  18. Adolescentes em tratamento psiquiátrico: um estudo fenomenológico das vivências em seus relacionamentos sócio-afetivos-sexuais

    OpenAIRE

    Fernanda Tomé Marleta Iezzi

    2013-01-01

    RESUMO Marleta-Iezzi, F. T. (2013) Adolescentes em tratamento psiquiátrico: um estudo fenomenológico das vivências em seus relacionamentos sócio-afetivo-sexuais. Dissertação de Mestrado Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Na presente dissertação buscamos situar e (re)conhecer o fenômeno das vivências dos relacionamentos sócio-afetivo-sexuais de adolescentes submetidos a tratamento psiquiátrico, por compreender que a adol...

  19. A qualidade do sono, o aproveitamento escolar e o stress em adolescentes que permacem em frente ao computador durante a noite

    OpenAIRE

    Gema Galgani de Mesquita Duarte

    2007-01-01

    Resumo: A qualidade do sono, o aproveitamento escolar e o stress em adolescentes que permanecem em frente ao computador durante a noite. 2007. 234p. Professor Doutor Rubens Nelson Amaral de Assis Reimão. Dissertação (Mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas, Departamento da Saúde da Criança e do Adolescente. INTRODUÇÃO: O sono representa importante papel na vida do homem, influenciando as condições físicas, psicológicas e sociais. Está intimamente ligado ao...

  20. Alterações periodontais associadas às doenças sistêmicas em crianças e adolescentes Periodontal problems associated with systemic diseases in children and adolescents

    OpenAIRE

    Thaís Ribeiral Vieira; Adriana de Castro A. Péret; Luciano Amédée Péret Filho

    2010-01-01

    OBJETIVO: O objetivo deste estuo foi revisar na literatura a inter-relação entre condições sistêmicas e a ocorrência de doenças periodontais em crianças e adolescentes, destacando-se as manifestações periodontais frequentemente encontradas. FONTES DE DADOS: Artigos indexados nas bases de dados Medline, Lilacs e Bibliografia Brasileira em Odontologia, nos últimos 20 anos, além de referências clássicas. As palavraschave utilizadas foram: "doença periodontal", "periodontite", "doenças sistêmicas...

  1. CONCEPÇÕES SOBRE ADOLESCENTES EM SITUAÇÃO DE VIOLÊNCIA SEXUAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vera Lucia Mendes Trabbold

    2016-04-01

    Full Text Available Resumo Trata-se de uma pesquisa de campo de abordagem qualitativa objetivando compreender as práticas discursivas dos profissionais de saúde sobre violência sexual contra crianças e adolescentes. Foram entrevistados dez profissionais (médicos, enfermeiros, agentes comunitários e coordenador do programa que compõem três equipes da Estratégia de Saúde da Família (ESF da cidade de Montes Claros, MG, Brasil. A abordagem discursiva para análise dos dados foi fundamentada em Michel Foucault, bem como em autores ligados ao campo da Saúde Coletiva. Os resultados indicam que, dentre os vários fatores que propiciam e/ou mantêm a violência sexual na forma de exploração comercial sexual de adolescentes, está a desigualdade econômica e social, aliada à desigualdade de gênero, pouco reconhecida pelos profissionais. A omissão/negação da questão se evidencia pela ausência de notificação obrigatória; inexistência de trabalhos preventivos na área; ações pontuais inadequadas às necessidades da adolescência, preconceito e falta de referência de uma rede de cuidados intersetoriais.

  2. Adolescentes avaliando um projeto social em uma unidade básica de saúde

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lira Joseneide Barbosa de

    2004-01-01

    Full Text Available Esse trabalho se propõe a discutir a percepção de adolescentes sobre um projeto intitulado "Afetividade, Sexualidade e Regulação da Gravidez na Adolescência", do qual são participantes. Tal experiência é parte integrante das atividades do Projeto UNI/Natal, dedicado ao desenvolvimento da integração docente-assistencial e voltado para a criação de novos espaços de ensino, novos conteúdos e práticas acadêmicas e assistenciais. Buscamos apreender a percepção dos adolescentes em relação à qualidade dos serviços oferecidos e às condições geradoras e condicionantes da gravidez na adolescência, bem como identificar suas expectativas em relação ao programa, articulando-o ao seu perfil socioeconômico e cultural.

  3. Excesso de peso e qualidade de vida relacionada à saúde em adolescentes de Florianópolis, SC Exceso de peso y calidad de vida relacionada con la salud en adolescentes de Florianópolis, Sur de Brasil Overweight and health-related quality of life in adolescents of Florianópolis, Southern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nádia Kunkel

    2009-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a qualidade de vida relacionada à saúde de adolescentes e sua associação com o excesso de peso. MÉTODOS: Estudo transversal com 467 adolescentes de 15 a 18 anos de idade de uma escola pública de Florianópolis, SC, e de seus respectivos pais, realizado em 2007. Sobrepeso e obesidade foram definidos pelo índice de massa corporal. A combinação de sobrepeso e obesidade foi considerada como excesso de peso. A qualidade de vida relacionada à saúde foi avaliada por meio do questionário sobre qualidade de vida pediátrica PedsQL 4.0, versões adolescente e pais. Análises dos dados incluíram estatística descritiva e regressão logística com estimação de razões de chances brutas e ajustadas. RESULTADOS: A taxa de resposta entre adolescentes foi de 99,4% e entre os pais 53,4%. As prevalências de sobrepeso e obesidade foram de 12,2% e 3,6%, respectivamente. O grupo com excesso de peso obteve menores escores de qualidade de vida que o grupo sem excesso de peso, exceto para o domínio emocional nos adolescentes e na saúde psicossocial para os pais. Após o ajuste, a chance de um adolescente com excesso de peso ter baixa qualidade de vida foi 3,54 vezes (IC 95% 1,94;6,47 maior que um adolescente sem excesso de peso. Adolescentes do sexo feminino apresentaram escores mais baixos de qualidade de vida. CONCLUSÕES: A qualidade de vida relacionada à saúde foi significativamente mais baixa em adolescentes com excesso de peso. Medidas dirigidas ao controle de peso na população adolescente e instrumentos de avaliação de qualidade de vida constituem-se importantes aliados para um melhor e mais completo entendimento deste importante problema de saúde pública.OBJETIVO: Evaluar la calidad de vida relacionada con la salud de adolescentes y su asociación con exceso de peso. MÉTODOS: Estudio transversal con 467 adolescentes de 15 a 18 años de edad de una escuela pública de Florianópolis, Sur de Brasil, y de sus

  4. Prevenção da Aids com adolescentes encarcerados em São Paulo, SP

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camila Alves Peres

    2002-08-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Descrever o perfil de adolescentes quanto ao apoio social e familiar, ao uso de drogas e os conhecimentos, as práticas e atitudes relacionadas à Aids e sua prevenção. MÉTODOS: Foram estudados 275 jovens internos, do sexo masculino, de um centro de internação da Fundação Estadual do Bem Estar do Menor (Febem, em São Paulo, SP. A pesquisa foi feita em duas fases: a primeira por meio de entrevistas semi-estruturadas com 20 internos; a segunda, com questionários para auto-respostas aplicados aos 275 internos, com perguntas fechadas referentes a características sociodemográficas, criminalidade, práticas sexuais, uso de drogas, conhecimento, atitudes e práticas relativas à Aids. RESULTADOS: Do total estudado, 90% dos jovens internos residiam com suas famílias antes da internação; todos haviam estudado em escolas públicas, ainda que 61% já houvessem abandonado os estudos; 12% já haviam usado drogas; e 5,5% eram usuários de drogas intravenosas. A maioria (98% era sexualmente ativa; 35% haviam tido mais de 15 parceiras(os sexuais ao longo da vida; 8% haviam tido experiências homossexuais (dentro ou fora da Febem; 12% já haviam trocado sexo por benefícios materiais; e 22% já eram pais. Muitos dos adolescentes afirmaram que adquirir o HIV "é parte da vida" e que suas vidas apresentam riscos piores, como sobreviver na criminalidade. Acreditam que o preservativo é frágil (83% e atrapalha a relação sexual (58%; 72% já haviam utilizado preservativo, mas apenas 9% o utilizavam sempre. CONCLUSÕES: Os adolescentes apresentaram um elevado risco de aquisição do HIV. Assim, torna-se necessário integrar a prevenção da Aids em sua problemática de vida e em temas como racismo, esperança pelo futuro, criminalidade, uso de drogas, direitos fundamentais, incluídos nestes os referentes ao sexo e à reprodução, mostrando existir alternativas a adquirir o HIV ou morrer na criminalidade.

  5. Identificação do lactato mínimo de corredores adolescentes em teste de pista de três estágios incrementais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael da Costa Sotero

    2011-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a possibilidade de se determinar a velocidade de lactato mínimo (LM em corredores adolescentes utilizando-se apenas três estágios incrementais. MÉTODOS: Onze indivíduos (13,7 ± 1,0 anos; 47,3 ± 12,1kg; 160,0 ± 1,0cm; 18,3 ± 1,8kg/m² realizaram três testes de corrida em pista de atletismo em dias distintos: 1 desempenho de 3.000m (Vm3.000; 2 teste de LM que consistiu de um sprint de 500m para indução a hiperlactatemia, seguido de 10min de recuperação e seis séries de 800m em intensidades de 83, 86, 89, 92, 95 e 98% da Vm3.000; 3 teste de LM com três estágios (LMp3 semelhante ao protocolo anterior, porém, com três séries de 800m em intensidades de 83, 89 e 98% da Vm3.000. Durante o primeiro minuto de recuperação entre os estágios dos testes dois e três foram coletadas amostras de sangue para dosagem de lactato sanguíneo. Para determinação do LM foram empregadas: a inspeção visual (LM e b função polinomial de segunda ordem para identificar o LM em seis estágios (LMp e três estágios (LMp3. RESULTADOS: ANOVA demonstrou não haver diferenças entre as velocidades de lactato mínimo (m.min-1 identificadas pelos diferentes métodos (LM = 221,7 ± 15,4 vs. LMp = 227,1 ± 10,8 vs. LMp3 = 224,1 ± 11,2;. Altas correlações foram observadas entre os protocolos estudados e destes com a Vm3.000 (p < 0,01. CONCLUSÃO: Foi possível identificar a velocidade de corrida correspondente ao LM em adolescentes mesmo utilizando-se de apenas três estágios incrementais (LMp3.

  6. Bullying, vinculação e estilos educativos parentais em adolescentes do 3º ciclo do ensino básico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sónia Catarina Carvalho Simões

    2015-02-01

    Full Text Available Objetivos: Dado que a literatura salienta o impacto da vinculação e do comportamento parental nos comportamentos de bullying, temos como objetivo estudar os comportamentos de bullying, de visibilidade crescente em adolescentes no contexto escolar, e a sua relação com a qualidade da vinculação e os estilos educativos parentais. Método: A amostra deste estudo envolveu 50 adolescentes, 26 raparigas e 24 rapazes, com idades entre os 12 e os 17 anos (M = 14,24. O protocolo foi composto por: Questionário de Exclusão Social e Violência Escolar (QEVE, Inventário de Vinculação na Adolescência (IPPA e A Parental Rearing Style Questionnaire for use with Adolescents (EMBU-A. Resultados: Os adolescentes da nossa amostra tendem a ser mais observadores em situações de bullying, sendo os tipos de violência mais frequentes a exclusão social e a agressão verbal. As vítimas de bullying são mais frequentemente jovens de nível socioeconómico baixo e as raparigas são mais observadoras de exclusão social e agressão verbal do que os rapazes. No que respeita à vinculação, os jovens com mais comportamentos agressivos percecionam menor comunicação e confiança em relação ao pai e aos amigos e quando se sentem alienados face aos seus pares, estão mais sujeitos a serem vítimas de bullying. Por fim, relativamente aos estilos educativos parentais, os adolescentes mais agressivos tendem a ser os que sentem maior rejeição e menor suporte emocional maternos. Conclusões: Fica, então, sublinhada a importância para os comportamentos de bullying dos estilos educativos parentais e da qualidade da vinculação dos jovens com as figuras significativas. Estas conclusões remetem-nos para implicações ao nível da prevenção deste fenómeno, sendo importante não só considerar variáveis individuais, mas também como o sujeito interage em todos os seus sistemas de pertença, focando a construção de relações afetivas.

  7. Leptinemia de jejum em crianças e adolescentes eutróficos Fasting leptinemia in eutrophic children and adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Alberto Nogueira de Almeida

    2009-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Determinar, em um grupo de crianças e adolescentes eutróficos, os valores de leptinemia de jejum e sua correlação com idade e Índice de Massa Corporal (IMC. MÉTODOS: Estudo de corte transversal realizado em duas escolas públicas de Ribeirão Preto, Brasil. Foram obtidos medidas antropométricas e amostra de sangue venoso em jejum para dosagem da leptinemia de 448 crianças e adolescentes eutróficos, maturadores médios, de ambos os sexos, com idades entre 7 e 17,9 anos. Utilizando-se o teste de Mann-Whitney foram realizadas comparações entre as concentrações obtidas para meninos e meninas em cada faixa etária. Posteriormente, utilizandose o teste de Kruskal-Wallis, foram comparados os valores em cada faixa etária e, por meio do teste de correlação de Spearman, foi avaliada a correlação entre a leptinemia de jejum e a idade e entre leptinemia de jejum e o escore z do IMC. RESULTADOS: O valores de leptinemia de jejum diferiram entre meninos e meninas em todas as faixas etárias sendo sempre mais elevados para as meninas. Entre os meninos, os valores de leptinemia não apresentam variação estatisticamente significativa; entre as meninas, observou-se variabilidade, com aumento progressivo de acordo com a faixa etária. O estudo de correlação, mostrou que a leptinemia apresenta correlação positiva com o escore z do índice de massa corporal em ambos os sexos. Em relação à idade, observou-se correlação apenas entre as meninas. CONCLUSÃO: Os dados apontam para a necessidade do estabelecimento de curvas de referência para a leptinemia de jejum que levem em conta o sexo, a idade e o IMC.OBJECTIVE: To determine, in a group of eutrophic children and adolescents, the values of fasting leptinemia and its correlation with age and body mass index. METHODS: A cross-sectional study conducted in two public schoolsin Ribeirao Preto, Brazil. Anthropometric measurements and venous blood samples were obtained for determination

  8. Efeitos do manejo comportamental de incontinência fecal em adolescente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anderson Jonas das Neves

    Full Text Available A incontinência fecal, também conhecida como encoprese, é um transtorno de evacuação que acarreta prejuízos ao desenvolvimento psicossocial e orgânico da criança e do adolescente, e que demanda atenção e cuidado de pais e profissionais de saúde. No amplo contexto de tratamento da encoprese, a psicoterapia constitui importante recurso, sendo a terapia comportamental apontada como uma das modalidades mais promissoras e eficazes para o tratamento dessa dificuldade de eliminação. Este artigo apresenta o estudo dos efeitos do manejo comportamental de quadro de incontinência fecal em um adolescente de 14 anos, atendido em clínica-escola de Psicologia do interior do Estado de São Paulo durante 14 meses. A partir do referencial teórico da análise do comportamento, foi desenvolvido, em contexto psicoterápico, um conjunto de estratégias comportamentais com o cliente, bem como orientações aos pais, visando à gradativa extinção encoprética. No decorrer desse processo, o cliente apresentou significativas aquisições comportamentais de uso regular do banheiro e adequado controle esfincteriano, monitoradas semanalmente, que possibilitaram a plena extinção das ocorrências de sujidade, sendo avaliado o efeito em follow-up realizado três meses após o encerramento dessa intervenção.

  9. O PROCESSO DE ADOLESCER NO DISCURSO DE MULHERES ADOLESCENTES DE UMA COMUNIDADE PERIFÉRICA EM MANAUS

    OpenAIRE

    Vilma Gomes Mourão; Rosângela Francischini

    2018-01-01

    O trabalho promove uma discussão acerca da adolescência no que tange às diversas formas de entendimento desse termo ao longo da história, para, assim, nos aproximarmos das concepções que mulheres adolescentes de um bairro periférico da cidade de Manaus desenvolveram acerca da adolescência. Trata-se de uma pesquisa exploratória de base qualitativa, cujos dados foram construídos com seis adolescentes entre 16 e 19 anos e analisados por meio da análise de discurso (Pêcheux). Os resultados aponta...

  10. Autonomia, gênero e gravidez na adolescência: uma análise comparativa da experiência de adolescentes e mulheres jovens provenientes de camadas médias e populares em Belo Horizonte

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alessandra Sampaio Chacham

    2012-12-01

    Full Text Available Neste trabalho, investiga-se como desigualdades de classe e de gênero atuam no sentido de reduzir o grau de autonomia de adolescentes (15 a 19 anos e mulheres jovens (20 a 24 anos, influenciando seu comportamento sexual e reprodutivo, especificamente na experiência da gravidez na adolescência. Na análise foram utilizados dados provenientes de dois inquéritos, cuja amostra total foi de 648 jovens do sexo feminino entre 15 e 24 anos de idade, 292 residentes em bairros de classe média e 356 em favelas situados na região centro-sul da cidade de Belo Horizonte, Brasil. Nos resultados, encontrou-se uma prevalência bruta de 27,3% de gravidez até os 19 anos entre as jovens residentes em favelas e de 1,7% entre as moradoras em bairros da região centro-sul de Belo Horizonte. Os dados apontam para uma relação direta entre a gravidez na adolescência com o controle e a violência por parte do parceiro. Entre aquelas residentes em favelas, 48% das que declararam ter sofrido violência física por parte de um parceiro e 58% das que declararam ter sofrido violência sexual haviam engravidado ao menos uma vez antes dos 19 anos. A associação da violência de gênero com a gravidez na adolescência se manteve presente mesmo quando controlada por classe social, ainda que seu peso fosse muito mais pronunciado entre as jovens de baixa renda. Esses resultados reforçam a importância de se aprofundar a compreensão acerca do impacto das desigualdades de classe e gênero no comportamento sexual e reprodutivo de adolescentes e mulheres jovens.

  11. Insatisfação corporal e transtornos mentais comuns em adolescentes Insatisfacción corporal y trastornos mentales comunes en adolescentes Body dissatisfaction and common mental disorders in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda de Azevedo Marques

    2012-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a prevalência de insatisfação corporal em adolescentes e sua associação com fatores socioeconômicos, comportamentais, antropométricos e psicossociais, em especial a presença de transtornos mentais comuns. MÉTODOS: Foram estudados adolescentes de uma escola de Itajaí, nos quais foram realizadas medidas antropométricas para análise do índice de massa corpórea. Aplicou-se um questionário sobre dados pessoais e transtornos mentais comuns. O desfecho principal foi a presença da insatisfação corporal, sendo a análise ajustada dos fatores associados realizada por meio da regressão de Poisson. As razões de prevalência e seus respectivos intervalos de confiança de 95% (IC95% foram calculados. RESULTADOS: Foram avaliados 214 adolescentes (77,5% com idade média de 12,4 anos e predomínio do sexo feminino (65,4%. A maioria dos adolescentes avaliados foi classificada como eutrófica (79,4% e 28,0% deles apresentaram escores indicativos de transtornos mentais comuns. A prevalência de insatisfação corporal foi de 74,3%, (IC95% 67,9-80,0. Dentre os fatores associados ao desfecho, destacaram-se: menor escolaridade materna, obesidade abdominal, percepção do estado nutricional como acima ou abaixo do peso, interferência da forma física em atividades diárias e relacionamentos. A presença de transtornos mentais comuns esteve associada, após análise ajustada, ao nível de 6,6% à insatisfação corporal. CONCLUSÕES: A maioria dos adolescentes possuía índice de massa corporal e circunferência da cintura dentro da normalidade; entretanto, grande parte relatou insatisfação com a imagem corporal, em ambos os sexos. Variáveis maternas e comportamentos relacionados ao peso corporal estiveram associados ao desfecho. Para transtornos mentais comuns, a associação foi próxima ao limiar de significância adotado.OBJETIVO: Verificar la prevalencia de insatisfacción corporal en adolescentes y su asociación con

  12. PREVALÊNCIA DA DOENÇA CÁRIE E PERIODONTAL EM ADOLESCENTES DE UMA ESCOLA DA REDE PARTICULAR DE QUIXADÁ-CE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anielly Sampaio Barros

    2015-06-01

    Full Text Available É crescente a preocupação de realizar trabalhos sobre obtenção e manutenção da condição da saúde bucal de adolescentes, visto que estes não possuem disciplina ao controle de açúcar na dieta e higiene bucal. O objetivo desse estudo foi avaliar a prevalência de cárie dentária e doença periodontal em adolescentes de uma escola da rede particular do município de Quixadá-Ceará. Trata-se de um estudo do tipo quantitativo, transversal, de caráter descritivo, onde participaram 31 alunos que cursavam o Ensino Médio de uma escola particular, na faixa etária de 14 e 15 anos. Os dados foram coletados a partir de um questionário estruturado e de exames clínicos como odontograma e índice de Sangramento Gengival (ISG realizados por uma única examinadora previamente calibrada. Os dados foram tabulados no Microsoft Excel 2010 e apresentados em forma de gráficos. O resultado da média do índice de dentes Cariados, Perdidos e Obturados (CPO-D os adolescentes foi 3,0 (três, sendo classificado como moderado de acordo com a Organização Mundial de Saúde e o ISG mostrou-se relativamente saudável. Neste estudo, 68% dos participantes alegaram que fazem escovação diária de 3 a 4 vezes por dia e 61% consomem alimentos cariogênicos entre as refeições. Concluiu-se que a prevalência de doença cárie ainda é preocupante para este grupo e a prevalência da doença periodontal foi baixa.

  13. Prevalência e fatores associados ao sobrepeso e à obesidade em adolescentes Prevalence and factors associated to overweight and obesity in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nicole Gomes Terres

    2006-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Determinar a prevalência e os fatores associados ao sobrepeso e à obesidade em adolescentes de zona urbana. MÉTODOS: Estudo transversal de base populacional, realizado no município de Pelotas, Rio Grande do Sul, de 2001 a 2002. Adolescentes entre 15 e 18 anos de idade foram medidos, pesados e responderam a questionário auto-aplicável. De 90 setores sorteados, foram visitados 86 domicílios em cada setor, totalizando 960 adolescentes. A prevalência de sobrepeso e obesidade foi definida a partir do índice de massa corporal, mediante a utilização dos pontos de corte, ajustados à idade e ao sexo. Realizou-se análise multivariada com regressão de Poisson, considerando um modelo hierárquico das variáveis associadas ao sobrepeso e à obesidade. RESULTADOS: A prevalência de sobrepeso e de obesidade foi 20,9% e 5%, respectivamente. A relação entre a obesidade e idade e escolaridade do adolescente foi inversa. Verificou-se associação de sobrepeso e obesidade com o relato de obesidade dos pais (p=0,03 e maturação sexual do adolescente (p=0,01. Os hábitos de fazer dieta e omitir refeições foram associados à obesidade, com riscos de 3,98 (IC 95%: 1,83-8,67 e 2,54 (IC 95%: 1,22-5,29, respectivamente. CONCLUSÕES: A prevalência de sobrepeso e obesidade na região são preocupantes a despeito do comportamento dos adolescentes para prevenir a obesidade. É necessária a implantação de campanhas mais eficazes, direcionadas a orientar melhor os adolescentes.OBJECTIVE: To assess the prevalence and factors associated to overweight and obesity in urban area adolescents. METHODS: A cross-sectional population-based study was carried out in the municipality of Pelotas, Southern Brazil, between 2001 and 2002. Adolescents between 15 and 18 years old were weighed, measured and asked to complete a self-administered questionnaire. Of 90 areas drawn, 86 dwellings were visited in each area, comprising a total of 960 adolescents

  14. Sintomatologia depressiva em adolescentes iniciais: estudo de base populacional Depressive symptomatology in early adolescents: population-based study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciano Dias de Mattos Souza

    2008-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a prevalência de sintomatologia depressiva em adolescentes entre 11 e 15 anos em Pelotas, RS, e identificar seus fatores associados. MÉTODOS: Estudo transversal de base populacional com amostra representativa de adolescentes da zona urbana da cidade de Pelotas, RS. Dos 448 setores censitários existentes no município, 79 foram aleatoriamente sorteados. Os jovens entre 11 e 15 anos localizados nestes setores foram convidados a responder o questionário auto-aplicado que continha perguntas sobre: idade, sexo, vida escolar, religião, atividades físicas, entretenimento, tabaco, consumo de álcool, uso de outras drogas, relacionamentos sexuais e conduta. Além disso, a sintomatologia depressiva dos adolescentes foi avaliada por meio da escala Children's Depression Inventory (CDI, também presente no instrumento de pesquisa. Para a análise dos dados foi utilizada a regressão logística ajustada ao modelo hierárquico. RESULTADOS: A prevalência de depressão foi de 2,1%. Após a regressão logística ajustada ao modelo hierárquico, estiveram significativamente associados à depressão: baixa condição socioeconômica, histórico de fracasso acadêmico, ausência de prática religiosa, abuso de álcool nos últimos 30 dias e indicativo de transtorno de conduta. CONCLUSÃO: É evidenciada a necessidade de programas preventivos e integrados de política na adolescência para depressão e comportamentos de risco à saúde.AIM: Verify the prevalence of depressive symptomatology in adolescents aged between 11 and 15 in Pelotas, RS, and identify its associated factors. METHODS: A cross-sectional base-populational study with a representative sample of adolescents of urban area of Pelotas, RS. Among the 448 census tracts in the urban area of Pelotas, 79 were randomly selected. Youths between 11 and 15 years answered a confidential self-report questionnaire on issues such as: age, gender, school life, religion, physical activities

  15. Adolescente em conflito com a lei e medidas socioeducativas: limites e (impossibilidades

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francischini, Rosângela

    2005-01-01

    Full Text Available Reinserção social, readaptação, ajustamento social, integração à família e sociedade. Várias são as expressões empregadas para referir-se ao efeito desejado do trabalho com o jovem em conflito com a lei, em cumprimento de medidas socioeducativas, particularmente em privação de liberdade. Parte do aparato legal do Estado, a partir da promulgação do Estatuto da Criança e do Adolescente, significaram, essas medidas, uma chamada à responsabilização do jovens, em face da transgressão cometida. No entanto, avalia-se, o que dá a essas medidas o caráter socioeducativo, fazendo com que o trabalho desenvolvido nas instituições diferencie-se do cumprimento de pena? Estrutura física, formação de recursos humanos, ações educativas e trabalho transdiciplinar são alguns dos aspectos implicados nesta questão. Neste contexto de discussão insere-se o presente artigo, que tem por objetivo discutir o caráter socioeducativo das medidas de privação de liberdade e as possibilidades de reinserção social do jovem em conflito com a lei

  16. Relaci?n entre el consumo de bebidas azucaradas e indicadores de adiposidad en ni?os y adolescentes de Bogot?: estudio FUPRECOL 2014

    OpenAIRE

    Ruiz Castellanos, Erika Johana; Mart?nez Torres, Javier

    2016-01-01

    Antecedentes: El consumo de bebidas azucaradas es un tema de salud p?blica por los efectos negativos sobre el riesgo de sobrepeso y obesidad en ni?os y adolescentes. En Am?rica Latina, se ha aumentado el consumo de estas bebidas en las ?ltimas d?cadas. En Colombia, el mayor consumo de bebidas azucaradas se observa en las personas 9-30 a?os. Objetivo: Determinar la relaci?n entre el consumo de bebidas azucaradas e indicadores de adiposidad en ni?os y adolescentes escolares participantes de...

  17. Relación entre el consumo de bebidas azucaradas e indicadores de adiposidad en niños y adolescentes de Bogotá: estudio FUPRECOL 2014

    OpenAIRE

    Ruiz Castellanos, Erika Johana; Martínez Torres, Javier

    2016-01-01

    Antecedentes: El consumo de bebidas azucaradas es un tema de salud pública por los efectos negativos sobre el riesgo de sobrepeso y obesidad en niños y adolescentes. En América Latina, se ha aumentado el consumo de estas bebidas en las últimas décadas. En Colombia, el mayor consumo de bebidas azucaradas se observa en las personas 9-30 años. Objetivo: Determinar la relación entre el consumo de bebidas azucaradas e indicadores de adiposidad en niños y adolescentes escolares participantes de...

  18. Comportamento sedentário e consumo de alimentos ultraprocessados entre adolescentes brasileiros: Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (PeNSE, 2015

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Caroline dos Santos Costa

    2018-03-01

    Full Text Available Estudo transversal com o objetivo de investigar a associação entre comportamento sedentário e consumo de alimentos ultraprocessados (AUP em adolescentes brasileiros. Foram utilizados dados da Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (PeNSE realizada em 2015. O consumo diário de pelo menos um grupo de AUP representou o desfecho, e a exposição principal foi o tempo diário de comportamento sedentário (horas em atividades sentado, excluído o tempo dispendido na escola. Foram calculadas prevalências, razões de prevalências e intervalos de 95% de confiança (IC95%. As análises foram ajustadas para sexo, idade, cor da pele, escolaridade materna, índice de bens, região geográfica e dependência administrativa da escola. Cerca de 40% dos escolares reportaram consumo diário de pelo menos um grupo de AUP (39,7%; IC95%: 39,2-40,3 e 68,1% (IC95%: 67,7-68,7 referiram > 2 horas/dia de comportamento sedentário. Entre os escolares com comportamento sedentário > 2 horas/dia, a prevalência de consumo diário de AUP foi de 42,8% (IC95%: 42,1-43,6%, maior do que entre os sem comportamento sedentário (29,8%; IC95%: 29,0-30,5%. Quanto maior o tempo de comportamento sedentário, maior a prevalência de consumo de AUP (valor de p para tendência linear < 0,001. Estratégias que promovam a alimentação saudável e a diminuição de comportamentos sedentários, bem como regulamentações da publicidade de AUP, tornam-se necessárias a fim de evitar que estilos de vida não saudáveis perdurem à idade adulta.

  19. O processo de desligamento de adolescentes em acolhimento institucional The process of family reintegration: reports of adolescents in residential care

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edinete Maria Rosa

    2012-12-01

    Full Text Available Este trabalho objetivou acompanhar o desenvolvimento de oito adolescentes, quatro meninas e quatro meninos, acolhidos em duas instituições e seus processos de desligamento institucional. Realizou-se um estudo longitudinal com base no procedimento de inserção ecológica, utilizando-se na coleta de dados diários de campo, conversas informais e roteiros de entrevistas semi-estruturadas. Os resultados foram organizados em categorias temáticas e analisados com base na Teoria Bioecológica do Desenvolvimento Humano. Apesar de a maioria dos adolescentes ter relatado manter vínculo e sentimentos positivos para com pelo menos um membro familiar e dos esforços das equipes técnicas das instituições, verificou-se dificuldade na efetivação da reinserção familiar. Conclui-se que, além da dificuldade de maior vinculação entre a instituição e alguns jovens, demonstrada pela evasão de quatro participantes, outro empecilho à reinserção é a dificuldade das famílias na superação das suas carências materiais e dos conflitos nas relações.This study aimed to observe the development of eight adolescents, four girls and four boys, in two host institutions and their process of getting out of the institution. We conducted a longitudinal study based on the methodological procedure of ecological engagement, using notes concerning the observations, informal conversations and interviews. The results were organized into thematic categories and analyzed based on the Bioecological Human Development theory. Although most adolescents have reported positive feelings and preserved contact with at least one family member, family reintegration was difficult even with the efforts of the institution's technical staff. It is concluded that, besides the difficulty of closer relations between caregivers and some of the youngsters, demonstrated by the escape of four participants, another obstacle is the difficulty of families in overcoming their material needs

  20. Acupuntura em adolescentes com fibromialgia juvenil Acupuntura en adolescentes con fibromialgia juvenil Acupuncture in adolescents with juvenile fibromyalgia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marialda Höfling P. Dias

    2012-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever a utilização da acupuntura em adolescentes com fibromialgia juvenil. MÉTODOS: Estudo retrospectivo realizado em pacientes com fibromialgia juvenil (critérios do Colégio Americano de Reumatologia submetidos a, pelo menos, 11 sessões semanais de acupuntura. As avaliações antes e após acupuntura incluíram dados demográficos, características da dor musculoesquelética, número de pontos dolorosos (NPD, escala visual analógica (EVA de dor, algiometria e índice miálgico (IM. Durante o estudo, os pacientes puderam usar analgésicos, amitriptilina e foram orientados a praticar atividade física aeróbica. Os resultados antes e após acupuntura foram comparados pelo teste não paramétrico de Wilcoxon. RESULTADOS: Dos 38 pacientes com fibromialgia juvenil acompanhados em oito anos consecutivos, 13 tinham todas as informações nos prontuários e nas fichas de acupuntura e foram avaliados. Destes 13, sete obtiveram melhora nos três parâmetros analisados (número de pontos dolorosos, EVA de dor e IM. As medianas do número de pontos dolorosos e da EVA de dor foram significativamente maiores antes do tratamento quando comparados ao final do tratamento com as sessões de acupuntura [14 (11-18 versus 10 (0-15, p=0,005; 6 (2-10 versus 3 (0-10, p=0,045; respectivamente]. Em contraste, a mediana do IM foi significativamente menor antes do tratamento [3,4 (2,49-4,39 versus 4,2 (2,71-5,99, p=0,02]. Nenhum dos pacientes com fibromialgia juvenil apresentou eventos adversos associados à acupuntura. CONCLUSÕES: Acupuntura é uma modalidade de Medicina Tradicional Chinesa que pode ser utilizada nos pacientes pediátricos com fibromialgia. Futuros estudos controlados serão necessários.OBJETIVO: Describir el uso de acupuntura en adolescentes con fibromialgia juvenil. MÉTODOS: Estudio retrospectivo realizado en pacientes con fibromialgia juvenil (criterios del Colegio Americano de Reumatología sometidos a al menos 11 sesiones

  1. Promoção de saúde e qualidade de vida entre mães de pré-adolescentes: um estudo etnográfico enfocado em Timbó/SC-Brasil Promoción de salud y calidad de vida entre madres de preadolescentes: un estudio etnografico enfocado en Timbó/SC-Brasil Health promotion and quality of life among mothers of preadolescents: a focused ethnography study in Timbó/SC-Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vera Radünz

    2005-12-01

    Full Text Available Este é um estudo etnográfico enfocado, realizado com 10 mães de pré-adolescentes da OASE (Ordem Auxiliadora Senhoras Evangélicas em Timbó, Santa Catarina, Brasil. O objetivo foi descrever variações em padrões dos fenômenos promoção de saúde, qualidade de vida e comportamento de risco a partir das perspectivas das mães, explorando como influenciam seus filhos, protegendo-os de comportamento de risco tais como álcool, fumo, outras drogas e violência. Utilizamos entrevista semi-estruturada, observação participante, diário de campo, genograma e fotografias. Os dados foram analisados segundo Bardin e os resultados agrupados em 4 categorias: mães encaram sua função como desafio; ser saudável como condição de qualidade de vida; impedimentos para atingir qualidade de vida; práticas de promoção à saúde para proteger filhos de comportamento de risco. O estudo evidenciou a crença das mães como participantes na promoção de saúde, o que poderá orientar a elaboração de políticas de saúde e encorajar mudanças de comportamento.Estudio etnográfico enfocado, realizado con 10 madres de preadolescentes que participan en OASE (grupo de ayuda de mujeres evangélicas en Timbó, SC/Brasil. El objetivo fue describir las variaciones sobre los patrones de promoción de la salud, calidad de vida y comportamiento de riesgo bajo las perspectivas de las madres, explorando como estas influyen en sus hijos y los protegen de comportamientos de riesgo como alcohol, cigarro, otras drogas y violencia. Se utilizaron: entrevista semiestructurada, observación participante, diario de campo, genograma y fotografías. Los datos fueron analizados con base en Bardin y los resultados formaron cuatro categorías: madres encaran su función como un desafío; ser saludable como condición de calidad de vida; impedimentos para alcanzar calidad de vida; prácticas de promoción de salud. El estudio evidenció la creencia de las madres como participantes

  2. Prática alimentar e de atividade física em adolescentes obesos de escolas públicas e privadas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lívia Freitas Campos

    2014-03-01

    Full Text Available Objetivo: Avaliar a prática alimentar e o nível de atividade física em adolescentes obesos de escolas públicas (EPu e privadas (EPr de Fortaleza-CE. Métodos: Estudo transversal realizado com 272 adolescentes de Epu e EPr, no período de abril de 2007 a maio de 2009. Aplicou-se um questionário contendo dados de identificação (idade, sexo, antropométricos (peso e altura, situação escolar, prática alimentar e nível de atividade física. Resultados: Dos avaliados, observou-se que 160 (58,8% eram do sexo feminino, com idade média de 16,5 anos (±1,31. Houve prevalência da obesidade moderada, com 85,5%, (n=171 na EPu e 76,4%, (n=55 na EPr. Não se constatou diferença entre o grau de obesidade e a rede escolar. Sobre a prática alimentar, 70,2% (n=190 consumiam menos de cinco refeições ao dia e 56,3% (n=153 não faziam o café da manhã, não tendo diferença entre as redes escolares. O consumo de frutas (10%; n=27 e vegetais (14,1%; n=38 foi baixo. Os estudantes das EPr consumiam mais refrigerantes (41,7%; n=30 do que os da EPu (28,5%; n=57; p=0,03. Constatou-se, que 47% (n=93 dos alunos da EPu e que 32,4% (n=27 da EPr não consumiam fast-food (p=0,02. Identificou-se que os adolescentes das EPu eram mais ativos do que os das EPr (77%; n=153 versus 54,2%; n=40; p=0,0002, mas essa diferença não mostrou associação com o grau de obesidade (p=0,88. Conclusão: Os adolescentes das escolas públicas e particulares apresentavam prática alimentar inadequada, havendo poucas diferenças entre eles. Os jovens das EPu apresentaram-se mais ativos que os das EPr, entretanto, este nível de atividade física não influenciou no grau de obesidade. doi:10.5020/18061230.2014.p92

  3. Prática alimentar e de atividade física em adolescentes obesos de escolas públicas e privadas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lívia Freitas Campos

    2014-03-01

    Full Text Available Objetivo: Avaliar a prática alimentar e o nível de atividade física em adolescentes obesos de escolas públicas (EPu e privadas (EPr de Fortaleza-CE. Métodos: Estudo transversal realizado com 272 adolescentes de Epu e EPr, no período de abril de 2007 a maio de 2009. Aplicou-se um questionário contendo dados de identificação (idade, sexo, antropométricos (peso e altura, situação escolar, prática alimentar e nível de atividade física. Resultados: Dos avaliados, observou-se que 160 (58,8% eram do sexo feminino, com idade média de 16,5 anos (±1,31. Houve prevalência da obesidade moderada, com 85,5%, (n=171 na EPu e 76,4%, (n=55 na EPr. Não se constatou diferença entre o grau de obesidade e a rede escolar. Sobre a prática alimentar, 70,2% (n=190 consumiam menos de cinco refeições ao dia e 56,3% (n=153 não faziam o café da manhã, não tendo diferença entre as redes escolares. O consumo de frutas (10%; n=27 e vegetais (14,1%; n=38 foi baixo. Os estudantes das EPr consumiam mais refrigerantes (41,7%; n=30 do que os da EPu (28,5%; n=57; p=0,03. Constatou-se, que 47% (n=93 dos alunos da EPu e que 32,4% (n=27 da EPr não consumiam fast-food (p=0,02. Identificou-se que os adolescentes das EPu eram mais ativos do que os das EPr (77%; n=153 versus 54,2%; n=40; p=0,0002, mas essa diferença não mostrou associação com o grau de obesidade (p=0,88. Conclusão: Os adolescentes das escolas públicas e particulares apresentavam prática alimentar inadequada, havendo poucas diferenças entre eles. Os jovens das EPu apresentaram-se mais ativos que os das EPr, entretanto, este nível de atividade física não influenciou no grau de obesidade.

  4. O hábito do tabagismo entre adolescentes na cidade de Recife e os fatores associados = Tobacco smoking habit among adolescents in the city of Recife and associated factors

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nascimento, Daniella

    2005-01-01

    Full Text Available Esse estudo teve como objetivo determinar a prevalência do tabagismo entre adolescentes com 12, 15, 16 e 20 anos de idade, de ambos os sexos, e relacionar a experiência com o tabaco com a idade, o gênero, grau de escolaridade dos pais, pais e amigos fumantes e pais separados. A coleta de dados foi realizada, através da aplicação de questionários validados, na rede de ensino da cidade de Recife, em 2004. A amostra foi composta por 240 estudantes, 60 em cada idade selecionada, que freqüentavam escolas de ensino fundamental e médio, públicas e particulares, e universidades públicas UPE e UFPE. Para análise dos dados doi utilizado o teste qui-quadrado de independência. As prevalências obtidas por idade foram de 6,7%, aos 12 anos; 5,0% aos 15; 16,7%, aos 16 e 5,0% aos 20. Verificou-se também que 20,0% dos jovens com 12 anos, 51,7% dos que tinham 16 anos e 40,0% daqueles com 20 anos já haviam fumado um cigarro todo pelo menos uma vez. A idade que apresentou maior experiência com o tabaco foi 16 anos, não havendo relação entre gênero e grau de escolaridade dos pais. Pode-se concluir que os adolescentes entram em contato com o hábito do tabagismo muito cedo, sendo a fase de adolescência média aquela de maior risco, independente do gênero e grau de escolaridade dos pais. Pais e amigos fumantes, e pais separados são variáveis que devem ser considerados na abordagem do jovem em campanhas anti tabágicas

  5. Caracterização da interação comunicativa entre pais de crianças e adolescentes deficientes auditivos que utilizam comunicação oral

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Laura Mochiatti Guijo

    Full Text Available RESUMO Objetivo: caracterizar a interação comunicativa entre pais ouvintes e crianças ou adolescentes com deficiência auditiva que utilizam comunicação oral, por meio da análise de filmagens. Métodos: participaram deste estudo os pais de nove crianças e nove adolescentes com deficiência auditiva sensorioneural bilateral, pré-lingual de grau moderado a profundo, que frequentam ou frequentaram um programa de intervenção fonoaudiológica, com ênfase no desenvolvimento da função auditiva e comunicação oral. Entre as nove crianças, quatro fazem uso de implante coclear e cinco de Aparelho de Amplificação Sonora Individual. Em relação aos adolescentes, seis fazem uso de implante coclear e três de Aparelho de Amplificação Sonora Individual. O procedimento adotado foi a Escala de Índice de Comportamentos que promovem a Comunicação, a qual apresenta 22 comportamentos que analisam a interação quanto à estimulação da audição e linguagem. Os referidos comportamentos foram pontuados a partir de uma escala Likert e classificados como "raramente", "ocorre" e "frequentemente". A interação entre os deficientes auditivos e seus pais foi filmada para posterior análise de três juízes com experiência na área de audiologia educacional. Resultados: foram realizadas 18 filmagens da interação, nas quais foi possível estabelecer uma concordância entre os juízes de 97,8%. Foi estatisticamente significante a ocorrência do comportamento "frequentemente". Conclusão: os resultados demonstraram que os pais, inseridos em um programa de reabilitação auditiva onde se enfatiza o uso de estratégias que favorecem o desenvolvimento de habilidades linguísticas e auditivas, empregam adequadamente comportamentos comunicativos na interação com seus filhos, em uma situação controlada.

  6. Prevalência de rinite alérgica em adolescentes do Distrito Federal: comparação entre as fases I e III do ISAAC Prevalence of allergic rhinitis among adolescents from Distrito Federal, Brazil: comparison between ISAAC phases I and III

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wellington G. Borges

    2006-04-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Determinar a prevalência de rinite alérgica em um grupo aleatório de escolares de Brasília (DF, com idade entre 13-14 anos; avaliar suas tendências ao longo de 6 anos e comparar as taxas de prevalência entre diferentes grupos socioeconômicos. MÉTODOS: Dois estudos de corte transversal foram realizados com intervalo de 6 anos, usando o questionário escrito do protocolo ISAAC (fases I e III. Nesta pesquisa, 39 escolas foram escolhidas aleatoriamente, em oito regiões administrativas de Brasília, e divididas em três grupos, segundo as condições socioeconômicas da população. RESULTADOS: Foram obtidos 3.009 questionários, sendo 53,5% do sexo feminino e 80% de alunos de escolas públicas. As prevalências de rinite diagnosticada, rinite recente e rinite alérgica foram 20, 29,3 e 12,2%, respectivamente. A prevalência de rinite foi maior nas escolas privadas do que nas escolas públicas (17,8 versus 14,1% e predominou no sexo feminino. Também foi maior nas populações de melhor nível socioeconômico (23,5 versus 12,2%. Comparando com dados de 1996, houve aumento significativo da prevalência de rinite diagnosticada (12,7 versus 20%, p = 0,001, aumento que ocorreu em todos os níveis socioeconômicos. CONCLUSÃO: Um grande número de crianças de 13 e 14 anos de idade do Distrito Federal está apresentando os sintomas relacionados à rinite, a maioria dos quais representa rinite alérgica. Em um período de 6 anos, a prevalência de rinite alérgica aumentou de maneira significativa, predominando no sexo feminino, e foi maior em crianças de escolas privadas e de nível socioeconômico mais elevado.OBJECTIVES: To determine the prevalence of allergic rhinitis in a random group of schoolchildren aged 13 to 14 years in Brasilia, Brazil, to evaluate tendencies over 6 years and to compare prevalence rates among different socioeconomic groups. METHODS: Two cross-sectional studies were undertaken 6 years apart, using the ISAAC

  7. Sintomas depressivos e uso de Cannabis em adolescentes Síntomas depresivos en adolescentes usuarios de Cannabis Depressive symptoms in young Cannabis users

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tânia Moraes Ramos Andrade

    2008-09-01

    Full Text Available A depressão é um dos transtornos psiquiátricos mais comuns na adolescência. Os quadros depressivos costumam apresentar elevadas taxas de comorbidades psiquiátricas, sendo freqüente o abuso de substâncias psicoativas. O artigo investiga a associação dos sintomas depressivos e o uso da cannabis. MÉTODO: Revisão sistemática, análise dos artigos indexados no Medline, PsycInfo, ProQuest, Web of Science e Lilacs, entre 2000 e 2005, descritores: depressive symptoms, depressive, adolescence, teenager e cannabis. RESULTADOS: Revisados 36 artigos completos, resultando no estudo de 9 artigos, que tratam de sintomas depressivos ou depressão e o uso ou dependência de cannabis em adolescentes. Os estudos confirmam a associação entre sintomas depressivos e o uso de cannabis na adolescência, sendo esta associação mais freqüente no uso precoce e regular de cannabis. CONCLUSÃO: Os sintomas depressivos/depressão estão relacionados ao uso/abuso e dependência de cannabis na adolescência. A investigação clínica e os programas de prevenção devem abordar estes transtornos na adolescência.Este artículo busca investigar la asociación de los síntomas depresivos y el uso de cannabis en la adolescencia. MÉTODO: Ha sido realizado, a través de revisión sistemática, el análisis de los artículos indexados localizados en los sistemas Medline, PsycInfo, ProQuest, Web of Science y Lilacs, entre 2000 y 2005, utilizando los descriptores: depressive symptoms, depressive, adolescence, teenager y cannabis. RESULTADOS: La mayoría de los estudios confirma existir una asociación entre síntomas depresivos y el uso de cannabis en la adolescencia, cabe destacar que esta asociación es más frecuente en el uso precoz y regular de cañabais. CONCLUSIÓN: Los síntomas depresivos/Depresión están relacionados al uso/abuso y dependencia de cañabais en la adolescencia, siendo entonces importante que estas variables puedan ser investigadas en la pr

  8. Alterações ortopédicas em crianças e adolescentes obesos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Michelle Brandalize

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A obesidade infanto-juvenil é um problema muito frequente e implica complicações que podem estar presentes precocemente, como as alterações ortopédicas. OBJETIVO: descrever as alterações que atingem o aparelho locomotor em crianças e adolescentes com sobrepeso e obesidade. METODOLOGIA: Foram consultadas as bases de dados MEDLINE, SciELO, LILACS, ISI e base de dados da Universidade de Standford, com a combinação dos seguintes descritores: "obesidade", "complicações", "criança", "dores músculo-esqueléticas", "postura", "alterações ortopédicas", "marcha" e seus respectivos sinônimos em inglês. RESULTADOS: Pôde-se observar que as crianças e adolescentes obesos são mais predispostos a apresentar essas complicações ortopédicas que os indivíduos eutróficos, e os principais problemas relatados foram as alterações posturais, como hiperlordose lombar e joelhos valgos, e dores músculo-esqueléticas, principalmente na coluna lombar e membros inferiores. Os principais fatores que causam esses problemas não são bem definidos, mas incluem aumento da sobrecarga articular associado à fragilidade óssea em fase de crescimento e à diminuição da estabilidade postural, o que conduz ao aumento das necessidades mecânicas regionais. CONCLUSÃO: A identificação precoce dessas disfunções é fundamental para que essas crianças recebam tratamento multidisciplinar adequado.

  9. Trajetória de adolescentes em conflito com a lei após cumprimento de medida socioeducativa em meio fechado = Path of young offenders after a socio-educational measure deprived of freedom = Trayectorias de adolescentes en conflicto con la ley después de cumplimiento de medida socioeducativa de internación

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nardi, Fernanda Ludke

    2014-01-01

    Full Text Available Esta pesquisa investigou trajetórias de adolescentes após cumprimento de medida socioeducativa de internação, através de estudo quantitativo e longitudinal. Participaram 143 adolescentes em conflito com a lei com idades entre 14 e 20 anos. Foi aplicada uma ficha de dados sociodemográficos e um questionário sobre fatores de risco e de proteção, além da realização de contatos telefônicos por um período de dois anos e meio. Os participantes foram divididos em quatro grupos: G1: reincidentes (n=22, G2: reinseridos socialmente (n=24, G3: manutenção da situação (n=38 e G4: outras situações (n=59. Os resultados indicaram que as variáveis contextuais não apresentaram associação com o tipo de trajetória. Quanto às variáveis pessoais, observou-se diferenças significativas, sendo que G2 apresentou níveis mais elevados em relação à autoestima enquanto G1 apresentou níveis mais altos de uso de drogas. Portanto, propostas de intervenção junto a essa população devem considerar tanto variáveis contextuais como variáveis pessoais

  10. Crianças e adolescentes com câncer em cuidados paliativos: experiência de familiares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariana Vendrami Parra Sanches

    2014-01-01

    Full Text Available Este estudo teve por objetivo investigar a experiência dos familiares no cuidar de crianças e adolescentes com câncer, em cuidados paliativos, particularmente nos cuidados ao final da vida. Trata-se de uma pesquisa descritiva e exploratória, com análise qualitativa dos dados. Participaram do estudo 14 familiares, cuidadores de crianças e adolescentes que morreram por câncer, em acompanhamento em um hospital escola no estado de São Paulo. Os dados empíricos foram organizados ao redor de três temas: "O impacto do agravamento da doença na dinâmina familiar", "Comunicação de más notícias" e "A vivência da família diante dos cuidados paliativos". O estudo mostrou-se relevante para a assistência à criança e ao adolescente com câncer no fim da vida, pois as vivências complexas, dinâmicas e abrangentes das famílias no cuidado da criança e do adolescente poderão contribuir para a compreensão do processo de cuidar à luz dos fundamentos dos cuidados paliativos.

  11. Violência Física Perpetrada por Ciúmes no Namoro de Adolescentes: Um recorte de Gênero em Dez Capitais Brasileiras

    OpenAIRE

    Oliveira, Queiti Batista Moreira; de Assis, Simone Gonçalves; Kathie, Njaine; Pires, Thiago de Oliveira

    2017-01-01

    A violência entre namorados adolescentes vem ganhando visibilidade no âmbito científco, confgurando-se como problema de saúde pública. Este estudo quanti-qualitativo investiga como questões de gênero permeiam a violência físicaperpetrada no namoro entre adolescentes. Realizou-se inquérito epidemiológico com 3.205 adolescentes (idades de 15 a 19 anos), estudantes do 2º ano do Ensino Médio de escolas públicas e privadas de 10 capitais brasileiras. Entrevistas grupais eindividuais foram também r...

  12. A enfermagem e a prevenção do uso indevido de drogas entre adolescentes La enfermería y la prevención del uso indebido de drogas entre adolescentes Nursing student participation in a community project to prevent drug abuse among teenagers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Clarissa Mendonça Corradi-Webster

    2009-06-01

    Full Text Available Relato de experiência de estágio em enfermagem com objetivo de prevenir o uso indevido de drogas entre adolescentes de uma comunidade. As atividades foram realizadas com adolescentes do Programa Agente Jovem de Desenvolvimento Social e Humano, coordenado pela Secretaria da Assistência Social da Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto - SP, com recursos do Governo Federal. O programa atendia jovens de 15 a 17 anos e abordava temas como violência, meio ambiente, sexualidade, drogas e projeto de vida. O estágio foi semanal e a temática de drogas foi trabalhada de forma interdisciplinar. Desenvolveu-se oficinas de trabalho que visavam fornecer informações, promover discussão e reflexão sobre os aspectos envolvidos no consumo de substâncias psicoativas, além de desenvolver habilidades de enfrentamento. Criou-se um espaço para reflexão sobre a temática com adolescentes e a aluna de graduação envolvida teve a oportunidade de vivenciar o trabalho comunitário, importante neste momento de remodelação das práticas de enfermagem.Relato de experiencia de prácticas en enfermería con el objetivo de prevenir el uso indebido de drogas entre sadolescentes de una comunidad. Las actividades fueron realizadas con adolescentes del Programa Agente Joven de Desarrollo Social y Humano, coordinado por la Secretaría de la Asistencia Social de la Prefectura Municipal de Ribeirão Preto - SP, con recursos del Gobierno Federal. El programa atendía a jóvenes de 15 a 17 años y abordaba temas como violencia, medio ambiente, sexualidad, drogas y proyecto de vida. Las prácticas fueron semanales y la temática de drogas fue trabajada de forma interdisciplinaria. Se desarrollaron talleres de trabajo que tuvieron por objetivo ofrecer informaciones, promover discusión y reflexión sobre los aspectos involucrados en el consumo de sustancias psicoactivas, además de desarrollar habilidades de enfrentamiento. Se creó un espacio para la reflexión respecto a

  13. Fatores associados à cesariana entre primíparas adolescentes no Brasil, 2011-2012

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvana Granado Nogueira da Gama

    2014-08-01

    Full Text Available En este artículo se propone el estudio de los factores asociados a la cesárea en adolescentes primíparas en Brasil, utilizando los datos de una encuesta de base hospitalaria, realizada en 2011 y 2012. La información se obtuvo mediante entrevistas con mujeres después del parto, durante la hospitalización. Se estableció un modelo conceptual teórico con tres niveles de jerarquía, donde la variable dependiente fue el tipo de parto: cesárea o vaginal. Los resultados muestran una alta proporción de cesáreas en adolescentes primíparas (40% y los factores más fuertemente asociados a la cesárea son: la consideraban más segura (OR = 7,0; IC95%: 4,3-11,4; era un parto financiado por el sector privado (OR = 4,3; IC95%: 2,3-9,0; o el hecho de que un mismo profesional de salud prestara atención en el periodo prenatal y parto (OR = 5,7; IC95%: 3,3-9,0, así como la historia clínica de los riesgos y complicaciones (OR = 10,8; IC95%: 8,5-13,7. El embarazo adolescente sigue estando en la agenda de la salud reproductiva, siendo preocupante la proporción de partos operatorios encontrados en este estudio, teniendo en cuenta la exposición temprana a los efectos de la cesárea.

  14. Consumo de drogas entre adolescentes: resultados de la Encuesta Nacional de Adicciones, 1998

    OpenAIRE

    Medina-Mora Ma Elena; Cravioto Patricia; Villatoro Jorge; Fleiz Clara; Galván-Castillo Fernando; Tapia-Conyer Roberto

    2003-01-01

    OBJETIVO: Describir el consumo de drogas y los factores de riesgo en adolescentes de 12 a 17 años. MATERIAL Y MÉTODOS: Los datos provienen de la Encuesta Nacional de Adicciones 1998, realizada en hogares ubicados en zonas urbanas de la República Mexicana. El diseño de la muestra fue probabilístico, estratificado y por conglomerados en varias etapas de muestreo, donde la última unidad de selección fue un individuo en la vivienda. Los resultados se analizaron obteniendo los intervalos de confia...

  15. A saúde do adolescente homossexual

    OpenAIRE

    Valente, Tânia Raquel Telmo

    2015-01-01

    Trabalho final de mestrado integrado em Medicina (Pediatria), apresentado à Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra. Contexto: A homossexualidade, em particular durante a adolescência, é um tema ainda difícil de abordar em Portugal, por estigmas e preconceitos que vigoram na sociedade. Assim, existe uma forte carência de informação rigorosa e fidedigna sobre a homossexualidade entre profissionais de saúde, educadores, pais e mesmo entre os adolescentes. Essa lacuna de informação p...

  16. Ambiente familiar e consumo de álcool e tabaco entre adolescentes Familiar environment and use of alcohol and tobacco among teenagers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael Souza Moreno

    2009-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a influência do ambiente familiar em relação ao uso de álcool e tabaco pelos adolescentes. MÉTODOS: Trata-se de estudo descritivo, elaborado a partir da análise e aprofundamento da categoria referente ao uso de drogas lícitas e a influência familiar, presente em um questionário semiestruturado, contendo ao todo 25 questões sobre o uso álcool e tabaco, realizado junto a 1.533 adolescentes de ambos os sexos, tendo por critérios de inclusão: adolescentes entre dez e 20 anos de idade, matriculados e frequentando regularmente a sexta, a sétima ou a oitava séries do ensino fundamental e o primeiro, o segundo ou o terceiro anos do ensino médio das escolas estaduais situadas nas regiões de Santo Eduardo e Santa Emília, no município de Embu, no período matutino, e que aceitaram participar das oficinas de prevenção e promoção da saúde realizadas pelo Projeto Corporalidade e Promoção da Saúde. A análise estatística foi aplicada por meio do teste do qui-quadrado, ao nível de significância pOBJECTIVE: To analyze the influence of the family environment in relation to alcohol and tobacco use among adolescents. METHODS: This was a descriptive study consisting of in-depth analysis on the topic of family influence related to legal drug use. A semi-structured questionnaire containing 25 questions on alcohol and tobacco use was completed by 1,533 adolescents of both genders. Inclusion criteria were: adolescents aged ten to 20 years who were regularly attending morning classes in the sixth, seventh or eighth years of elementary education or in the first, second or third years of high school education at state schools in two regions of the municipality of Embu, São Paulo, Brazil. Subjects agreed to participate in preventive health promotion workshops of the Corporality and Health Promotion Project. Statistical analysis applied odds ratio, with a 95% confidence interval and chi-square test, being significant p<0

  17. Religiosidade, consumo de bebidas alcoólicas e tabagismo em adolescentes Religiousness, alcohol consumption and smoking in adolescence

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jorge Bezerra

    2009-11-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a associação entre religiosidade e exposição ao consumo de bebidas alcoólicas e ao tabagismo em adolescentes. MÉTODOS: A amostra compreendeu 4 210 estudantes do ensino médio da rede pública no Estado de Pernambuco, selecionados através de amostragem por conglomerados em dois estágios. As informações foram coletadas a partir do questionário Global school-based student health survey (GSHS. Foram considerados expostos às bebidas alcoólicas e ao tabagismo os adolescentes que relataram consumo em pelo menos 1 dos últimos 30 dias, independentemente da intensidade da exposição. As variáveis relacionadas à religiosidade foram afiliação a uma religião e ser praticante de alguma religião. RESULTADOS: A prevalência de exposição ao consumo de bebidas alcoólicas foi de 30,3% (IC95%: 28,9 a 31,7, significativamente superior entre os rapazes (38,6% em comparação às moças (24,8%. A prevalência de exposição ao tabagismo foi de 7,8% (IC95%: 7,0 a 8,7, maior entre os rapazes (9,8% do que entre as moças (6,2%. As análises brutas evidenciaram que, independentemente do sexo, a exposição ao consumo de bebidas alcoólicas e ao tabagismo foi inversamente associada tanto à afiliação quanto à prática religiosa. O ajustamento das análises por meio de regressão logística permitiu observar que, independentemente da afiliação, o adolescente que se considerava praticante de uma religião teve menor chance de relatar exposição ao consumo de bebidas alcoólicas (razão de chances, OR = 0,71; IC95%: 0,60 a 0,83 e ao tabagismo (OR = 0,61; IC95%: 0,46 a 0,79. CONCLUSÕES: Os resultados do presente estudo sugerem que a religiosidade pode atuar como modulador da exposição ao consumo de álcool e ao tabagismo na adolescência. Futuros estudos deverão analisar como o efeito protetor da religiosidade pode ser potencializado em intervenções e campanhas de saúde.OBJECTIVE: To analyze the association between

  18. A visão de família entre as adolescentes que sofreram violência intrafamiliar Family view among adolescents who suffered intrafamilial violence

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Clarissa De Antoni

    2000-12-01

    Full Text Available Este estudo apresenta a visão de adolescentes sobre família. Doze adolescentes entre doze a dezessete anos, do sexo feminino, abrigadas em uma instituição pública após sofrerem maus tratos intrafamiliares, apresentaram sua visão sobre o conceito de família e suas expectativas em relação à constituição de suas próprias famílias no futuro, em dois grupos focais. O conteúdo dos grupos focais "A" e "B" foram analisados separadamente, como contextos únicos. O grupo "A" apresentou uma visão de família, baseada em uma configuração por laços afetivos, onde a definição dos papéis e responsabilidades parentais são superpostos e indefinidos, e as inter-relações marcadas pela violência. O grupo "B" revela sua visão sobre a família com base no modelo tradicional, onde a configuração está centrada no grau de parentesco, com papéis parentais delimitados e as inter-relações marcadas pela reciprocidade. A idealização da família foi um aspecto predominante nos grupos. As expectativas sobre a formação de sua própria família no futuro estiveram presentes em ambos os grupos, mas com configuração e papéis diferentes dos atuais. Esta atitude pode ser vista como proteção frente às situações de risco às quais estão expostas em função da expectativa de mudança qualitativa nas relações familiares futuras.This study presents adolescents' point of view about family. Twelve female adolescents, 12 to 17 year old, institutionalized after being abused by their families, showed their family concepts, and their expectations about having a family in the future, in two focus groups. The focus groups "A" and "B" were analyzed, separately, as unique contexts. Focus group "A" revealed their point of view about family, based on emotional ties, where the parents' responsibilities and roles were overlapped, and the relationships were marked by violence. Focus group "B" revealed their point of view about family, based on a

  19. Prevalence and correlates of physical activity among adolescents from Southern Brazil Prevalencia de actividad física en adolescentes y factores asociados Prevalência de atividade física em adolescentes e fatores associados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Samuel C Dumith

    2010-06-01

    actividad física de ocio fue 75,6% mientras que 73,4% presentaron alguna forma de traslado activo para la escuela. La prevalencia de actividad física total (escore ³ 300 min/sem fue 48,2% siendo mayor para los niños (62,6% que para las niñas (34,5%. Además, la prevalencia aumentó de acuerdo con el número de actividades físicas practicadas (pOBJETIVO: Estimar a prevalência de atividade física entre adolescentes e identificar fatores associados. MÉTODOS: Estudo transversal aninhado em uma coorte com 4.325 indivíduos de 14-15 anos em Pelotas, RS, em 2008. A atividade física foi analisada por meio de três diferentes abordagens: 1 prevalência de alguma atividade física de lazer; 2 prevalência de algum deslocamento ativo para a escola; 3 prevalência de engajamento em pelo menos 300 minutos por semana da combinação de ambos (1 e 2. Variáveis independentes incluíram características demográficas, socioeconômicas, comportamentais, sociais e biológicas e número de atividades físicas praticadas no tempo de lazer. As análises estatísticas foram feitas pela regressão de Poisson. RESULTADOS: A proporção de adolescentes envolvidos em alguma atividade física de lazer foi 75,6%, enquanto 73,4% apresentou alguma forma de deslocamento ativo para a escola. A prevalência de atividade física total (escore > 300 min/sem foi 48,2%, sendo maior para os meninos (62,6% do que para as meninas (34,5%. Além disso, a prevalência aumentou de acordo com o número de atividades físicas praticadas (p < 0,001. Os fatores associados à maior prática de atividade física (lazer + deslocamento nos níveis recomendados foram: cor de pele não-branca, ter repetido de ano na escola e jogar videogame. As variáveis menor nível socioeconômico, maior tempo de uso de computador e atividade física dos pais estiveram associadas ao desfecho apenas entre as meninas. CONCLUSÕES: Menos da metade dos adolescentes atingiu as recomendações para a prática de atividade física, e

  20. Tendência temporal de asma em crianças e adolescentes no Brasil no período de 1998 a 2008 Tendencia temporal de asma en niños y adolescentes en Brasil en el período de 1998 a 2008 Time trend of asthma in children and adolescents in Brazil, 1998-2008

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando César Wehrmeister

    2012-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar as tendências de asma em crianças e adolescentes entre 1998 e 2008 no Brasil. MÉTODOS: Foram analisados os dados de prevalência de asma da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, dos anos de 1998, 2003 e 2008. A amostra foi constituída por 141.402, 144.443 e 134.032 indivíduos em 1998, 2003 e 2008, respectivamente, e a análise foi ajustada pelo desenho amostral. As tendências de asma foram descritas por sexo, regiões do Brasil e local de residência, em crianças (zero a nove anos e adolescentes (dez a 19 anos. RESULTADOS: A prevalência de asma entre crianças foi 7,7% em 1998, 8,1% em 2003 e 8,5% em 2008, com um incremento anual de 1%. O maior aumento anual foi observado nas regiões Sudeste e Norte (1,4%. Entre o grupo de adolescentes, a prevalência de asma foi de 4,4% em 1998, 5,0% em 2003 e 5,5% em 2008, com aumento de 2,2% ao ano. Na região Nordeste, o aumento anual na prevalência de asma foi de 3,5%. Os maiores incrementos foram observados entre os meninos e entre moradores da zona rural. CONCLUSÕES: Apesar de a asma apresentar um decréscimo em países emergentes, no Brasil os resultados apontam um incremento da asma entre crianças e adolescentes no período de 1998 e 2008, especialmente na zona rural.OBJETIVO: Analizar las tendencias de asma en niños y adolescentes entre 1998 y 2008 en Brasil. MÉTODOS: Se analizaron los datos de prevalencia de asma de la Investigación Nacional por Muestra de Domicilios, de los años de 1998, 2003 y 2008. La muestra fue constituida por 141.402, 144.443 y 134.032 individuos en 1998, 2003 y 2008, respectivamente y el análisis fue ajustado por el diseño muestral. Las tendencias de asma fueron descritas por sexo, regiones de Brasil y lugar de residencia, en niños (cero a nueve años y adolescentes (diez a 19 años. RESULTADOS: La prevalencia de asma entre niños fue de 7,7% en 1998, 8,1% en 2003 y 8,5% en 2008, con un incremento anual de 1%. El mayor aumento anual

  1. Resistência insulínica pode prejudicar a redução da espessura mediointimal em adolescentes obesos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Priscila de Lima Sanches

    2012-10-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: O processo aterosclerótico no nível endotelial começa em idade precoce e parece estar associado com a obesidade e suas comorbidades como a resistência insulínica. OBJETIVO: O objetivo deste estudo foi verificar a influência da resistência insulínica em marcadores inflamatórios e subclínicos de aterosclerose em adolescentes obesos. MÉTODOS: Sessenta e seis adolescentes obesos pós-púberes foram divididos em dois grupos de acordo com o índice de resistência insulínica estimado pelo Modelo de Avaliação da Homeostase (HOMA-RI: com resistência insulínica (RI n = 39 e sem resistência insulínica (NRI n = 27, e foram submetidos a uma intervenção interdisciplinar ao longo de um ano. A espessura mediointimal da artéria carótida comum (EMIC, e o tecido adiposo visceral e subcutâneo foram determinados por ultrassonografia. A composição corporal, pressão arterial, índice HOMA-RI, perfil lipídico e as concentrações de adipocinas [leptina, adiponectina, e inibidor do ativador do plasminogênio-1 (PAI-1] foram analisados antes e após a terapia. RESULTADOS: Ambos os grupos apresentaram melhoras significativas na composição corporal, estado inflamatório (redução da concentração de leptina e PAI 1; aumento de adiponectina plasmática e redução da EMIC. Apenas o grupo NRI mostrou correlação positiva entre as alterações na gordura visceral (∆Visceral e mudanças na EMIC (∆ EMIC (r = 0,42, p < 0,05. A análise por regressão linear simples revelou o ∆Visceral ser um preditor independente para a redução da EMIC nesse grupo (R2 ajustado = 0,14, p = 0,04. Os valores finais da EIMC permaneceram significativamente maiores no grupo RI, quando comparado com grupo NRI. CONCLUSÃO: A presença de resistência insulínica pode prejudicar mudanças na EMIC levando ao desenvolvimento precoce da aterosclerose em adolescentes obesos submetidos a uma intervenção interdisciplinar.

  2. O adolescente enquanto protagonista em atividades de educação em saúde no espaço escolar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marta Angélica Iossi Silva

    2010-06-01

    Full Text Available O paradigma do protagonismo juvenil reconhece nos adolescentes potencialidades e valores de mobilização e participação, os quais podem contribuir para a promoção da saúde e melhor qualidade de vida desta população. O objetivo desta investigação foi conhecer e analisar a participação de adolescentes escolares em atividades de educação em saúde na escola e a sua inserção enquanto sujeitos protagonistas na referidas atividades. O estudo foi realizado em duas escolas municipais de ensino fundamental de Ribeirão Preto, São Paulo, Brasil, no período de fevereiro a junho de 2007. Estudo transversal, a partir de uma abordagem quantitativa, cujos dados incluíram respostas a um questionário com instrumentos validados, e a análise estatística se constituiu basicamente da categorização de variáveis e obtenção das listagens de frequências, realizadas através do Programa Epi Info 3.3.2 (Centers for Disease Control and Prevention, Atlanta, Estados Unidos. Os adolescentes entrevistados apontam que ainda permanecem em uma relação de dependência da escola e dos educadores para a realização e participação de atividades educativas em saúde no espaço escolar. Isto significa dizer que esses adolescentes ainda convivem com uma relação educador-educando unilateral, pouco participativa, indicando uma urgente necessidade de se promover a inclusão desses adolescentes como atores ativos do mundo escolar.

  3. CONSUMO ENERGÉTICO PROVENIENTE DE ALIMENTOS ULTRAPROCESSADOS POR ADOLESCENTES

    OpenAIRE

    D’Avila, Helen Freitas; Kirsten, Vanessa Ramos

    2017-01-01

    RESUMO Objetivo: Avaliar o consumo proveniente dos alimentos ultraprocessados e fatores relacionados em adolescentes. Métodos: Estudo transversal com 784 adolescentes (de ambos os sexos e entre 12 a 19 anos) de escolas públicas e privadas do município de Palmeira das Missões, Brasil. O consumo alimentar foi registrado pelo questionário semiquantitativo de frequência de consumo de alimentos e convertido em energia (Kcal/dia). Os alimentos foram classificados em: minimamente processados, gr...

  4. Actitudes hacia la violencia, impulsividad, estilos parentales y conducta externalizada en adolescentes: comparación entre una muestra de población general y una muestra clínica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Antonio Jiménez-Barbero

    2016-01-01

    Full Text Available Los Trastornos de Conducta Externalizantes (TCE constituyen uno de los problemas de salud mental más comunes entre los adolescentes, y repercuten gravemente en el ámbito familiar, escolar y social. La finalidad de este estudio fue comparar adolescentes de población general sin diagnóstico de TCE con adolescentes de una muestra clínica en una serie de variables identificadas como predictoras de la de la conducta externalizada. El estudio incluyó a adolescentes con edades comprendidas entre 12-15 años de la Región de Murcia. Se empleó un diseño selectivo descriptivo y analítico, así como comparativo transversal en una muestra de 327 adolescentes, que se distribuyeron de la siguiente manera: (a Grupo Clínico (GC, integrado por 59 participantes, y (b Grupo General (GG, formado por 268 adolescentes. Los resultados de este estudio indican que la conducta externalizada está relacionada principalmente con la impulsividad, aunque modulada por factores relacionados con la socialización familiar y cultural del adolescente. Asimismo, los adolescentes de la muestra clínica describen los estilos parentales que reciben como más autoritarios y menos inductivos que los adolescentes de población general.

  5. Factores de riesgo asociados al uso de drogas en estudiantes adolescentes Fatores de riscos associados ao uso de drogas entre estudantes adolescentes Risk factors associated with drugs abuse among adolescent students

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ever Agustín Osorio Rebolledo

    2004-04-01

    Full Text Available Objetivo Identificar factores de riesgo asociados al uso de drogas lícitas e ilícitas en estudiantes adolescentes de ambos sexos cursantes de educación básica y diversificada de instituciones públicas diurnas. Métodos Con base a un estudio descriptiva, de campo y transversal fue realizado estudio en el año 2002 en el Municipio Naguanagua, Estado Carabobo, Venezuela. Se utilizo un cuestionario anónimo auto aplicado denominado Test Drug Use Screening Inventory (DUSI para adolescentes versión Venezuela, fue respondido por una muestra probabilística sistemática estratificada por año de estudio de estudiantes adolescentes de 12 a 17 años de edad de ambos sexos, de dos instituciones educativas públicas diurnas de educación básica y diversificada. Resultados Las áreas de riesgo alto asociadas al uso de drogas lícitas e ilícitas son las de familia y salud mental; mientras que en las de riesgo moderado se encuentran las áreas de recreación, conducta y escuela; y las de riesgo bajo pares, habilidades sociales y uso de drogas. Los resultados del Índice de Severidad Total, es alto. Esto es un indicador de que el adolescente venezolano presenta más riesgo de uso de drogas lícitas e ilícitas, pero al mismo tiempo presenta menos uso de drogas. Lo que pudiera indicar cómo la presencia de factores de protección interactúan con los factores de riesgo, para modificar el efecto de éstos.Este estudo objetiva identificar fatores de riscos associados ao uso de drogas lícitas e ilícitas entre estudantes da educação básica de diversas instituições públicas. Métodos: em estudo descritivo foi realizado no Município de Naguanagua, Carabobo, Venezuela, um estudo por meio de um questionário Test Drug Use Screening Inventory, através de uma amostra estratificada por ano de estudo entre estudantes de 12 a 17 anos. Resultados: áreas de altos riscos associadas ao uso de drogas foram: família e saúde mental; enquanto que as de riscos

  6. Contornos e sinergias entre a política de saúde e o adolescente privado de liberdade: intersetorialidade como desafio = Contours and synergies between health policy and adolescents deprived of liberty: intersectoral approach as challenge

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carvalho, Rafael Nicolau

    2011-01-01

    Full Text Available O artigo objetiva discutir a situação dos adolescentes em privação de liberdade no que se refere ao atendimento público em saúde. Parte-se do pressuposto de que o direito à saúde vem sendo negado, mesmo que o Estatuto da Criança e do Adolescente já exista há duas décadas. A materialidade deste direito específico depende de mudanças estruturais rigorosas entre as políticas de base social, no que concerne aos patamares de financiamento, às suas formas de gestão e, nomeadamente, do tipo de postura que o Estado tem assumido frente à questão da criança e do adolescente. A estratégia da intersetorialidade se revela fundamental, porém depende de um lastro de variáveis ainda não consolidados no país. The article aims to discuss the situation of adolescents in the deprivation of liberty with regard to the public in health care. It is assumed that the right to health has been denied, even though the status of children and adolescents already exist for two decades. The materiality of this specific duty depends on rigorous structural changes between basic social policies, on the terraces of funding and its forms of management and in particular the type of attitude that the State has taken forward the issue of children and adolescents. The strategy of intersectoral approach is crucial, but it depends on a variable ballast still not consolidated in the country.

  7. Banco de leite humano: uma análise das diferenças entre doadoras adultas e adolescentes Human milk bank: an analysis of the differences between adult and adolescent donors

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosangela Santana

    2011-09-01

    Full Text Available Os objetivos do estudo foram realizar a análise do perfil da população e salientar as diferenças entre doadoras adultas e adolescentes. Foi um estudo transversal, analítico, realizado no Banco de Leite Humano (BLH de Maringá, Estado do Paraná. A população foi o total de doadoras cadastradas em 2004 (443 e a fonte de dados a Ficha de Inscrição de Doadoras. Foram analisadas variáveis sócio-econômicas, demográficas e perinatais. A variável idade foi dividida em doadoras adolescentes (= 20 anos e a partir daí a condição de ser doadora adolescente foi considerada como variável dependente, sendo testadas interações e diferenças entre esta e as outras variáveis do estudo. Observou-se frequência de 16,35% de adolescentes e associação estatisticamente significativa (p The objectives of the study were to analyze the population profile and point out differences among adult and adolescent donors. It was a cross sectional, analytic study carried out at the Human Milk Bank (HMB of Maringá, Paraná State. The population of the study consisted of all registered donors in the year 2004 (443, and the source of the data was the Donor Registration Record. Socioeconomic, demographic and perinatal variables related to breast milk donation were analyzed. The age variable was divided into adolescent donors (< 20 years old and adult donors (≥ 20 years old; from that, the condition of being an adolescent donor was considered a dependent variable, testing interactions and differences between this and the other variables of the study. A frequency of 16.35% of adolescents was observed. A significant statistical association (p < 0.001 was found between adolescents and low family income, living without companion, prematurity and cesarean childbirth. Results show that adolescent donors need greater incentive for the practice of breastfeeding, as they present unfavorable socioeconomic and perinatal conditions. The adolescent group was quite

  8. Signs and symptoms of temporomandibular disorders in adolescents Sinais e sintomas de disfunção temporomandibular em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo Rigoldi Bonjardim

    2005-06-01

    Full Text Available The aim of this study was to verify the prevalence of signs and symptoms of temporomandibular disorders (TMD in adolescents and its relationship to gender. The sample comprised 217 subjects, aged 12 to 18. The subjective symptoms and clinical signs of TMD were evaluated, using, respectively, a self-report questionnaire and the Craniomandibular Index, which has 2 subscales; the Dysfunction Index and the Palpation Index. The results of muscle tenderness showed great variability (0.9-32.25%. In relation to the temporomandibular joint, tenderness of the superior, dorsal and lateral condyle regions occurred in 10.6%, 10.6% and 7.83%, respectively, of the sample. Joint sound during opening was present in 19.8% of the sample and during closing in 14.7%. The most prevalent symptoms were joint sounds (26.72% and headache (21.65%. There was no statistical difference between genders (p > 0.05, except for the tenderness of the lateral pterygoid muscles, which presented more prevalence in girls. In conclusion, clinical signs and symptoms of TMD can occur in adolescents; however, gender influence was not perceived.O objetivo deste estudo foi verificar a prevalência de sinais e sintomas de disfunção temporomandibular (DTM em adolescentes e sua relação com o gênero. A amostra foi constituída de 217 voluntários, com idade entre 12 e 18 anos. Os sintomas subjetivos e os sinais clínicos de DTM foram avaliados usando-se, respectivamente, um questionário e o "Craniomandibular Index", o qual possui 2 subescalas: "Dysfunction Index" e "Palpation Index". Os resultados para sensibilidade muscular mostraram grande variabilidade (0,9-32,25%. Com relação à articulação temporomandibular, a sensibilidade à palpação nas regiões superior, dorsal e lateral do côndilo ocorreu, respectivamente, em 10,6%, 10,6% e 7,83% da amostra. A prevalência do ruído articular no movimento de abertura foi de 19,8% e no fechamento, 14,7%. Os sintomas relatados mais

  9. Panorama da violência sexual contra crianças e adolescentes em municípios cearenses

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Poliana Hilário Magalhães

    2016-09-01

    Full Text Available Objetivo: Descrever o panorama da violência sexual contra crianças e adolescentes em municípios do litoral e do sertão do estado do Ceará, Brasil. Métodos: Trata-se de um estudo descritivo realizado em 2014 com análise de dados secundários do “Disque 100” relacionados aos casos de violência sexual contra crianças e adolescentes nos municípios do estado do Ceará, Brasil, referentes ao triênio 2011-2013. Resultados: Foram analisados 210 municípios do sertão cearense, dentre eles o município de Acopiara com 18 (10,8% denúncias, sendo destaque para casos de denúncias por abuso sexual contra crianças e adolescentes. Dentre os municípios litorâneos, Caucaia representa o maior número de denúncias, com 112 (35.07% casos de abuso sexual. Conclusão: O estudo é uma alerta às autoridades e à comunidade para atentarem aos casos de violência sexual (exploração e abuso contra crianças e adolescentes que estão ocorrendo nos diversos municípios cearenses, principalmente na região litorânea.

  10. Terapia por Contensão Induzida (TCI em adolescentes com hemiparesia espástica: relato de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Julia Macruz Garcia

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A Terapia por Contensão Induzida (TCI é um protocolo terapêutico que visa diminuir a assimetria de uso dos membros superiores. OBJETIVO: Verificar o efeito da TCI em dois adolescentes, com paralisia cerebral hemiparética (PCH. MATERIAIS E MÉTODOS: Dois adolescentes com PCH, de 12 e 14 anos de idade, receberam aplicação de TCI por três horas diárias durante três semanas. Este estudo apresentou desenho ABA experimental, com um mês de seguimento. Os adolescentes foram avaliados com a Teenager Motor Activity Log (TMAL e o Wolf Motor Function Test (WMFT; o avaliador esteve independente da intervenção e cegado quanto à ordem das avaliações. RESULTADOS: Houve melhora na quantidade, qualidade e espontaneidade de uso após a aplicação da TCI segundo a escala da TMAL. Os dois pacientes apresentaram diminuição no tempo de execução das tarefas do WMFT e foi observada também melhora na habilidade funcional. CONCLUSÃO: Este estudo mostra efeitos positivos da TCI em adolescentes com PCH. Ressalta-se, no entanto, que se fazem necessários ensaios clínicos para confirmar a eficácia da intervenção nessa população.

  11. Antisocial behavior and alcohol consumption by school adolescents Conducta antisocial y consumo de alcohol en adolescentes escolares Conduta anti-social e consumo de álcool em adolescentes escolares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Karla Selene López García

    2008-04-01

    Full Text Available Adolescence is a vulnerable period and facilitates the start of risk behaviors, for instance the use of drugs. This study aims to describe the differences between antisocial behavior and alcohol consumption according to gender, age and education; as well as to discover the relation between antisocial behavior and alcohol consumption in 1,221 school adolescents from Monterrey - Nuevo Leon, Mexico. The findings reveal differences in antisocial behavior according to gender. Evidences showed that 41.3% of the students had consumed alcohol at sometime in their lives, and that differences exist in alcohol consumption according to age and education. Finally, the study found positive and significant relations between antisocial behavior and alcohol consumption (r s = .272, p La adolescencia se convierte en una etapa de vulnerabilidad y facilitador para el inicio de conductas de riesgo como es el consumo de drogas. Los objetivos del presente estudio fueron: describir las diferencias de la conducta antisocial y consumo de alcohol según sexo, edad y escolaridad; conocer la relación existente de la conducta antisocial con el consumo de alcohol en 1221 adolescentes escolares de Monterrey, Nuevo Léon, México, en relación a los hallazgos encontrados se presentan diferencias de la conducta antisocial por sexo; se destaca que 41.3% de los estudiantes consumieron alcohol alguna vez en su vida, y existen diferencias de consumo de alcohol por edad y escolaridad. Finalmente se encontró relación positiva y significativa de la conducta antisocial con el consumo de alcohol (r s=.272, pA adolescência se apresenta como uma etapa de vulnerabilidade e facilitadora para o início de condutas de risco como o consumo de drogas. Os objetivos do presente estudo foram: descrever as diferenças entre sexo, idade e escolaridade na conduta anti-social e o consumo de álcool e conhecer a relação existente entre a conduta anti-social e o consumo de álcool em 1221

  12. Common mental disorders in adolescents: a population based cross-sectional study Transtornos mentais comuns em adolescentes: estudo transversal de base populacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Karen Amaral Tavares Pinheiro

    2007-09-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To assess the prevalence and the factors associated with common mental disorders among adolescents in Pelotas, a southern Brazilian city. METHOD: A population based cross-sectional study was carried out in the urban area of Pelotas. Multi-stage sampling was used to obtain a sample of adolescents aged between 15 and 18 years. Adolescents were interviewed using a self-report confidential questionnaire. The presence of common mental disorders was assessed using the Self-Reporting Questionnaire 20 (SRQ-20. Multivariate analysis was carried out using the Poisson regression with a robust adjustment of variance and control for design effect. RESULTS: Nine hundred and sixty adolescents were interviewed. The prevalence of common mental disorders was 28.8%. Adolescents aged 17 years showed prevalence of 1.37 (95% CI 1.06-1.78 times greater than the 15 year olds. Adolescents whose mothers had between 5 and 8 years of schooling had a prevalence 1.42 (95% CI 1.01-1.51 times greater than those whose mothers had more than 8 years of schooling. Smoking and sedentary behavior were also associated with an increased prevalence of common mental disorders. Those who were dissatisfied with their body image showed a prevalence of 1.47 (95% CI 1.07-2.02. CONCLUSIONS: Maternal schooling, tobacco smoking, sedentary behavior and body image dissatisfaction were factors associated with the presence of common mental disorders.OBJETIVO: Avaliar a prevalência e os fatores associados à presença de transtornos mentais comuns entre adolescentes em Pelotas, uma cidade do sul do Brasil. MÉTODO: Foi realizado um estudo transversal populacional na área urbana de Pelotas. Foi utilizada uma amostragem multi-etapas para obter uma amostra de adolescentes com idades entre 15 e 18 anos. Os adolescentes foram entrevistados utilizando um questionário confidencial auto-aplicável. A presença de transtornos mentais comuns foi avaliada utilizando o Self-Reporting Questionnaire

  13. Percepções de adolescentes grávidas em relação a seus familiares e parceiros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Geraldina Porto Witter

    Full Text Available Este trabalho objetivou verificar a percepção de adolescentes grávidas sobre familiares e companheiros. Participaram 22 adolescentes grávidas entre 14 e 16 anos. Um questionário específico foi aplicado às participantes. Os resultados mostram que poucas conversavam sobre sexo e gravidez em casa, e a maioria disse que aprendeu no lar algumas informações, mas 40% consideram que nada aprenderam. Houve a tendência de as mães das gestantes serem informadas sobre a gravidez pelas próprias filhas. A primeira reação dos pais foi negativa, mas depois aceitaram a situação. considerou-se que os parceiros tiveram atitudes positivas e se responsabilizaram pelo período de gestação. As famílias das garotas, especialmente as mães, deram suporte à maternidade. com a gravidez, houve mudanças na vida de 68,1% das participantes.

  14. Insatisfação corporal e atividade física em adolescentes da região continental de Florianópolis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Adami

    Full Text Available A relação entre atividade física e insatisfação corporal é pouco explorada na literatura. Foi examinada a insatisfação corporal em relação com o nível de atividade física em estudantes adolescentes de escolas públicas de Florianópolis. A amostra foi de 242 estudantes, 109 meninos (14,6±2,8 anos e 133 meninas (14,3±3 anos. Os instrumentos utilizados foram: questionário de atividades físicas habituais e escala de percepção de silhueta corporal. Quarenta e três por cento dos meninos e 29,4% das meninas são pouco ativos. Sessenta e nove por cento dos meninos e 76,7% das meninas estão insatisfeitos com sua silhueta corporal. Os meninos demonstram uma tendência em aumentar e diminuir sua silhueta, enquanto as meninas demonstram querer diminuir. Não foi encontrada relação entre satisfação com a silhueta corporal e nível de atividade física habitual. Investigar a relação entre atividade física e insatisfação corporal pode auxiliar em pesquisas futuras que verifiquem intervenções terapêuticas com atividade física no tratamento da insatisfação corporal.

  15. QUEMERINA E FATORES RELACIONADOS AO RISCO CARDIOVASCULAR EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanessa Sequeira Fontes

    2018-01-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo: Sintetizar os achados sobre a quemerina e os fatores relacionados ao risco cardiovascular em crianças e adolescentes. Fontes de dados: Realizou-se uma revisão sistemática de acordo com os itens propostos pela diretriz PRISMA nas bases de dados PubMed, Science Direct e Lilacs. Utilizaram-se os descritores chemerin de forma associada a children e adolescent, sem limite de tempo. A pesquisa limitou-se a artigos originais realizados com seres humanos, em língua inglesa, excluindo-se a população adulta e idosa, assim como os artigos de revisão, comunicação breve, cartas e editoriais. Síntese dos dados: Após análise dos estudos por dois revisores, de forma independente, segundo os critérios de elegibilidade, permaneceram na revisão sete artigos, publicados entre 2012 e 2016. Foram incluídos estudos de delineamento transversal, prospectivo, coorte e caso-controle. A importância da adipocina quemerina nos fatores de risco para doenças cardiovasculares é demonstrada por meio de sua associação com obesidade e diabetes melito, assim como com parâmetros clínicos, antropométricos e bioquímicos. Entretanto, a força da evidência dos estudos é relativamente baixa, em função da heterogeneidade das publicações, destacando-se como limitações o número reduzido das amostras e sua ausência de representatividade, a falta de padronização dos métodos de dosagem, o delineamento transversal de grande parte dos estudos e a impossibilidade de extrapolação dos resultados. Conclusões: A desregulação da quemerina provocada pelo aumento de tecido adiposo pode contribuir para o aparecimento de doenças cardiovasculares, sugerindo que tal adipocina tem papel relevante na identificação precoce de indivíduos em risco.

  16. O autoconceito de adolescentes escolares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Alayde Werba Saldanha

    2011-04-01

    Full Text Available Este estudo objetivou identificar e comparar o autoconceito dos adolescentes escolares de uma amostra da cidade de João Pessoa-PB, Brasil, associado às variáveis sexo, faixa etária e tipo de escola frequentada (pública ou privada. Para tanto foi utilizado o Inventário dos Esquemas de Gênero do Autoconceito em 686 adolescentes estudantes. De modo geral, os adolescentes apresentaram autoconceito positivo, variando em função do sexo (maior para o feminino, idade (quanto menor a idade, maior a percepção negativa masculina e a feminina com maior evidência entre os 16 e 18 anos e tipo de escola (autoconceito mais positivo na escola pública. Estes resultados fornecem subsídios para a elaboração de estratégias mais coerentes com o perfil dos adolescentes, seja no âmbito familiar, escolar ou social.

  17. Dislipidemia entre crianças e adolescentes de Pernambuco Dyslipidemia among adolescents and children from Pernambuco - Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Everaldo de Franca

    2006-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever a prevalência de dislipidemia e sobrepeso entre crianças e adolescentes no Estado de Pernambuco, Brasil. MÉTODOS: Durante a avaliação clínica, um questionário foi respondio por meio de entrevista com os pais, incluindo dados pessoais de cada criança e adolescente. Os critérios de exclusão foram história pessoal ou familiar de diabetes ou doença arterial coronariana (DAC. Amostras de sangue foram coletadas após jejum de 12 horas, e as seguintes avaliações foram realizadas por métodos enzimáticos: níveis séricos de colesterol total, colesterol LDL, colesterol HDL e triglicerídeos. Os dados foram analisados com o programa estatístico SPSS 11.5 que inclui o test-t de Student e o teste exato de Fisher. RESULTADOS: Das 414 crianças e adolescentes analisados no presente estudo, cerca de 30% apresentaram um perfil lipídico aterogênico, caracterizado por altos níveis de triglicerídeo, colesterol total e colesterol LDL. A prevalência de sobrepeso nesta amostra de Pernambuco foi 4%. As meninas apresentaram níveis de triglicerídeo e colesterol total mais elevados do que os meninos. Crianças e adolescentes apresentaram os mesmos valores de lipídios no sangue, o que não é esperado para crianças nessa fase do desenvolvimento. CONCLUSÃO: Na presente população, um prefil lipídico desfavorável sugere que programas objetivando a prevenção de doenças cardiovasculares e obesidade devem começar precocemente.OBJECTIVE: To describe the prevalence of dyslipidemia and overweight among children and adolescents in the state of Pernambuco, Brazil. METHODS: During clinical evaluation, a questionnaire was completed through interviews with parents and included personal details of the children and adolescents. An exclusion criterion was personal or parental history of diabetes or coronary artery disease (CAD. Blood samples were collected from subjects who had been fasting for 12 hours, and the following evaluations

  18. Fronteiras entre meios e formas em Cabra marcado para morrer

    OpenAIRE

    Hamburger,Esther Império

    2017-01-01

    Resumo O documentário Cabra marcado para morrer (1964-1984) apresenta uma combinação original de elementos oriundos da prática do Centro Popular de Cultura da União Nacional dos Estudantes (CPC da UNE) que produziu o filme, da experiência televisiva do diretor na equipe do Globo Repórter e da prática dos cinemas diretos. Identificar nos fragmentos de materiais filmados pelo CPC entre 1962 e 1964 em diversos locais do Nordeste e compilados com materiais filmados no início dos anos 1980 de mane...

  19. Conhecimento, atitude e práticas na prevenção do câncer de colo uterino e hpv em adolescentes Conocimientos, actitudes y prácticas en la prevención de cáncer cervicouterino y el VPH en adolescentes Knowledge, attitude and practice in the prevention of cervical cancer and HPV in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ferla Maria Simas Bastos Cirino

    2010-03-01

    Full Text Available O início sexual cada vez mais cedo propicia alta vulnerabilidade da adolescente a problemas da esfera sexual/reprodutiva, incluindo o câncer de colo uterino e a infecção pelo HPV. O presente estudo teve como objetivo identificar o conhecimento, atitude e prática na prevenção do câncer de colo uterino e infecção pelo HPV na população adolescente e avaliar as situações que as tornam vulneráveis. Trata-se de estudo transversal realizado em uma escola pública de São Paulo com 134 adolescentes entre 14 e 19 anos. Verificou-se idade de iniciação sexual aos 14,8 anos em média. Grande parte das adolescentes não apresentou conhecimento adequado sobre a prevenção desta neoplasia. A adesão ao Papanicolaou também se mostrou baixa. As estatísticas justificam a inserção da adolescente nos programas de detecção deste câncer. É preciso haver investimentos na educação sexual nas instituições de ensino e associar campanhas de Papanicolaou com atividades educativas, com enfoque adequado e linguagem apropriada.La iniciación sexual cada vez más temprana propicia un nivel alto de vulnerabilidad de los adolescentes a los problemas de la esfera sexual / reproductiva, incluyendo el cáncer del cuello del útero y la infección por VPH. Este estudio tuvo como objetivo identificar los conocimientos, actitudes y prácticas en la prevención de cáncer cervical y la infección por VPH en la población adolescente y evaluar las situaciones que los tornan vulnerables. Este es un estudio transversal realizado en una escuela pública en Sao Paulo con 134 adolescentes entre 14 y 19 años. El promedio de la edad de iniciación sexual fue de 14,8 años. La mayoría de los adolescentes no tienen conocimientos adecuados sobre la prevención de este tipo de cáncer. También presentó bajas tasas de la prueba del Papanicolaou . Las estadísticas justifican la inclusión de estas adolescentes en los programas para la detección de este cáncer. Es

  20. A entrevista motivacional em adolescentes usuários de droga que cometeram ato infracional Motivational interview with adolescent drug users who have an infringement

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ilana Andretta

    2011-01-01

    Full Text Available A drogadição na adolescência é um problema de saúde publica com alto custo para a sociedade, e há uma relação direta entre este e o cometimento de ato infracional. O objetivo deste estudo foi verificar a efetividade da Entrevista Motivacional (EM em adolescentes que cometeram ato infracional, usuários de drogas. Utilizou-se a Entrevista Motivacional no grupo experimental e no grupo controle a Psicoeducação. Participaram do estudo 48 adolescentes: 27 no grupo da EM e 21 no grupo da Psicoeducação. O grupo da EM diminuiu consumo de maconha e tabaco e o grupo da Psicoeducação diminuiu o consumo de maconha e álcool. Com relação aos estágios motivacionais, independente do grupo, observou-se redução na média da pré-contemplação. As técnicas apresentaram resultados positivos em relação à diminuição do consumo de drogas e da média de pré-contemplação, entretanto, não houve diferença significativa entre as duas.Drug addiction in adolescence is a public health problem with high cost to the society, and there is a direct relationship between it and the commission of an infringement. The aim of this study was to evaluate the effectiveness of Motivational Interview (MS in adolescent drug users who have committed an infringement. We used the Motivational Interview in the experimental group and the Psychoeducation in the control group. Forty eight adolescents participated of the study: 27 in the MS group and 21 in the group of Psychoeducation. The group of MS decreased consumption of marijuana and tobacco and the Psychoeducation group decreased the consumption of marijuana and alcohol. With respect to motivation, regardless of group settings, there was reduction in the average of pre-contemplation. The techniques presented positive results in terms of reducing drug use and the average of pre-contemplation. However, there was no significant difference between the two techniques.

  1. Esteatose hepática não alcoólica: relação com a síndrome metabólica e os fatores de risco cardiovascular em adolescentes obesos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wener Barbosa Resende

    2014-03-01

    Full Text Available Objetivo: Avaliar a associação entre esteatose hepática não alcoólica (EHNA, síndrome metabólica (SM e fatores de risco cardiovascular (FRCs em adolescentes obesos. Métodos: Estudo observacional do tipo transversal com abordagem quantitativa, realizado de junho a agosto de 2011. Os voluntários foram aleatoriamente selecionados e encaminhados para avaliação clínica no setor de endocrinologia e cardiologia do hospital de clínicas da Universidade Federal de Uberlândia. Participaram 34 adolescentes de 14 a 19 anos, acima do percentil 95 da curva de crescimento. A EHNA foi analisada por ultrassonografia. A SM e os FRCs foram identificados pelos critérios da International Diabetes Federation. Resultados: A amostra foi composta de 14 indivíduos do sexo masculino e 20 do sexo feminino, com idade (16,8±1,6 e índice de massa corporal (IMC (35,7±3,9. A ocorrência de EHNA e SM foi de 76,5% (n=26 e 50% (n=17, respectivamente. O sexo masculino apresentou maior ocorrência de EHNA (78,6%, n=11, SM (64,3%, n=09 e associação de EHNA com SM (50%, n=07. Em relação aos FRCs 100% (n=34, 61,8% (n=21 e 52,9% (n=18 dos adolescentes apresentaram valores aumentados da circunferência da cintura (CC, da lowdensity- lipoprotein cholesterol (LDL-C e pressão arterial sistólica (PAS, respectivamente, e 52,9% (n=18 apresentaram baixos valores de high-density lipoprotein cholesterol (HDL-C. Houve correlações entre SM e triglicerídeos, PAS e diastólica e HDL-C, e entre EHNA, IMC e CC. Conclusão: Observou-se uma alta ocorrência de EHNA, SM e FRCs em adolescentes obesos. Uma forte correlação foi observada entre EHNA e SM, e entre FRCs com EHNA e SM.

  2. Atuação do psicólogo com adolescentes em conflito com a lei: a experiência do Canadá El trabajo del psicólogo con adolescentes en conflicto con la Ley: la experiencia del Canadá Psychologist' work with young offenders: the experience of Canada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alex Eduardo Gallo

    2008-06-01

    Full Text Available O presente artigo apresenta o relato de experiência da atuação do psicólogo no sistema de justiça canadense, especialmente no caso de adolescentes em conflito com a lei. É apresentada uma comparação entre o Estatuto da Criança e do Adolescente e leis semelhantes do Canadá, intituladas Youth Criminal Justice Act. São apresentados os procedimentos de avaliação biopsicossocial do adolescente, assim como a execução das medidas socioeducativas chamadas medidas alternativas. Embora a execução das medidas alternativas seja parecida entre os dois países, os índices de violência no Canadá são expressivamente menores do que no Brasil, o que evidencia que não são as medidas de caráter judicial que, isoladamente, reduzem a violência, mas uma série de fatores sociopolíticos, educacionais e culturais envolvidos.El presente artículo expone el relato de una experiencia de actuación del Psicólogo en el sistema judicial canadiense, especialmente en casos de adolescentes en conflicto con la Ley. Es presentada una comparación entre el " Estatuto da Criança e do Adolescente" y las leyes semejantes en Canadá, tituladas Youth Criminal Justice Act. Se presentan los procedimientos de evaluación bio-psicosocial del adolescente, así como la ejecución de las medidas socioeducativas, llamadas de medidas alternativas. La ejecución de las medidas alternativas, aunque sea parecida con la brasilera, los índices de violencia en Canadá son expresivamente menores que los de Brasil, lo que evidencia que no son solamente las medias de carácter judicial que reducen la violencia, sino una serie de factores sociopolíticos, educacionales y culturales envolvimos.Current research presents an experience report of a psychologist working within the Canadian justice system with young offenders. A comparison between the Brazilian Child and Adolescent Statute and Canadian similar laws, called Youth Criminal Justice Act is provided. Procedures for the

  3. Transtorno bipolar em crianças e adolescentes: critérios para diagnóstico e revisão de intervenções psicossociais = Bipolar disorder in children and adolescents: criterions to diagnostic and review of psychosocial interventions = Trastorno bipolar en niños y adolescentes: criterios para el diagnóstico y revisión de las intervenciones psicosociales

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Moraes, Renata Garcia de Almeida

    2016-01-01

    Full Text Available O transtorno bipolar é um transtorno mental crônico, recorrente e incapacitante. Entretanto, em crianças e adolescentes pode manifestar-se de forma diferente do padrão clássico descrito na idade adulta. Objetivou-se revisar e analisar estudos empíricos de intervenções psicossociais realizadas para o transtorno bipolar em crianças e adolescentes quanto aos seus objetivos, método, principais resultados e discussão. Foi realizada uma revisão sistemática de 21 artigos de intervenção psicossocial publicados entre 1999 e 2014. Constatou-se diversidade quanto às variáveis investigadas, tais como método, delineamento experimental, amostra, instrumentos e temas. Apesar disso, os estudos demonstraram eficácia em alguns aspectos estudados, em especial a comunicação e a informação aos pacientes e familiares. Sugere-se o desenvolvimento de pesquisas sobre transtorno bipolar em crianças e adolescentes, de modo a contribuir para a elaboração de ações ou programas de intervenção direcionados especificamente para esta população

  4. Experiência de educação em saúde sobre sexualidade com adolescentes institucionalizados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristina Zukowsky-Tavares

    2017-03-01

    Full Text Available Objetivo: Descrever a experiência de um projeto de ação que consistiu em fomentar a reflexão e a aprendizagem sobre sexualidade saudável por meio da educação em saúde. Síntese dos dados: Trata-se de um relato de experiência de uma atividade de extensão universitária realizada em novembro de 2015, com envolvimento de graduandos e mestrandos, em uma unidade da Fundação Centro de Atendimento Socioeducativo do Adolescente – Fundação CASA, no município de São Paulo/SP, Brasil. Na experiência, houve participação de 75 adolescentes internos do sexo masculino. O projeto enfatizou o envolvimento dos adolescentes e gestores em etapas como: 1. Levantamento de questionamentos na temática; 2. Discussão e busca de fontes de pesquisa pelos mestrandos; 3. Elaboração, aplicação e avaliação do projeto de ação, em formato carrossel, alternando três grupos: anatomia e cuidados com o aparelho reprodutor masculino, doenças sexualmente transmissíveis (DSTs, e estilo de vida saudável e sexualidade. Conclusão: Por meio da ação educativa em saúde foi proposta a reflexão por um pensar a sexualidade, tanto na dimensão higiênica preventiva como na orientação a hábitos de vida promotores de saúde.

  5. O olhar dos adolescentes em conflito com a lei sobre o contexto social

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jacoby, Márcia

    2006-01-01

    Full Text Available Este artigo originou-se da pesquisa intitulada “Adolescentes privados de liberdade: mapeando trajetórias de conflito com a lei”. Discute-se, aqui, o contexto em que os adolescentes que cometem atos infracionais estão inseridos, especialmente quanto aos aspectos sociais. São analisados relatos de jovens, coletados através de entrevistas, sobre os fatores que eles julgam contributivos para que cometessem delitos: uso de drogas, vida na comunidade, grupo de amigos, relação com o trabalho, família e escola. Reflete-se sobre as condições de vida desses sujeitos, destacando-se a necessidade da garantia dos seus direitos. Como conclusão, afirma-se a importância do investimento nas políticas sociais, principalmente as relacionadas à convivência familiar e comunitária e à educação. This article has derived from the research named “Adolescents deprived of freedom: tracing law-conflicting trajectories”. Herein, the discussion is about the context where the adolescents, who perpetrate infraction acts, are inserted, especially as to social aspects. An analysis is made of the youngsters reports, collected upon interviews, about the factors that they consider contributions for perpetrating law violations: use of drugs, life in the community, group of friends, relations with the work, the family and the school. Reflection takes place about the life’s conditions of these persons, by pointing out the need of guaranteeing their rights. The drawn conclusion affirms the importance of investing on social policies, mainly those regarding family and community life and education.

  6. O efeito moderador dos acontecimentos de vida negativos na relação entre flourinshing (bem-estar subjetivo) e sintomatologia depressiva, numa amostra de adolescentes portugueses

    OpenAIRE

    Alves, Marta Filipa Ferreira

    2014-01-01

    Dissertação de mestrado em Psicologia Clínica e da Saúde (Intervenções Cognitivo-Comportamentais nas Perturbações Psicológicas e Saúde), apresentada à Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra A importância do estudo da Perturbação Depressiva Major em adolescentes vem crescendo, assumindo um papel de destaque na investigação. Esta assume-se como uma perturbação grave, que pode ter consequências nas diversas áreas da vida dos adolescentes, acarret...

  7. Anemia e deficiência de ferro em gestantes adolescentes Anemia and iron deficiency in pregnant adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elizabeth FUJIMORI

    2000-12-01

    Full Text Available Por meio de dosagem de ferritina sérica, transferrina sérica, hemoglobina e hematócrito, caracterizou-se o estado nutricional de ferro de 79 gestantes adolescentes de primeira consulta pré-natal (£ 20 semanas de gestação, atendidas na Rede Básica de Saúde de um Município da Grande São Paulo. Todos os valores hematológicos estudados foram menores entre as gestantes do segundo trimestre gestacional em relação às do primeiro, sendo as diferenças estatisticamente significativas (pThe objective of this study was to characterize iron nutritional status of 79 pregnant adolescents, at first prenatal consultation (<= 20 weeks of gestation, in the Primary Health System of a district of Great São Paulo, through the serum ferritin, serum transferrin, hemoglobin and hematocrit determinations. All the hematologic values studied were smaller for the pregnant adolescents in the second gestational trimester than for the ones in the first. Statistically significant differences (p.<.0.05 were found just for hemoglobin. It was verified that 64.3% and 32.1% had, respectively, less than 500.mg and 300.mg of organic iron reservations, and 5.4% presented serious lack of this mineral. By World Health Organization criterion 19.0% of the pregnant women were iron-deficient (Saturation of Transferrin <.16% and 13.9% were anemic (Hemoglobin.<.11 g/dl.

  8. Factores predictores del consumo de tabaco entre adolescentes del Colegio Universitario Santiago de Cali, 2005

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Yamileth Ortiz-Gómez

    2009-01-01

    Resultados: La prevalencia del consumo fue 40,5% [IC: 34,8-46,4]. En los tres modelos, el consumo de amigos tuvo un OR 2,31, IC 95% [1,06-5,04]; el fumar si un amigo se lo brinda, presentó un OR 7,45, [IC 95% 3,9-14,0] y la exposición al humo de cigarrillo explican el consumo de tabaco con un OR 2,18, [IC 95% 1,23-3,87]; Test Hosmer-Lemeshow, Ji2=10,6 y P=0,2253. Conclusión: En este grupo de adolescentes solo los amigos se encontraron como posibles predictores del consumo de tabaco; aunque hubo cierto consumo por parte de los padres, no fue estadísticamente significativo, pero sí lo fue para la exposición al humo fuera del hogar. No hubo asociación con alcohol o sustancias psicoactivas.

  9. Competência social e práticas educativas parentais em adolescentes com alto e baixo rendimento acadêmico Social competence and parental practices in adolescents with high and low academic achievement

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Graziela Sapienza

    2009-01-01

    Full Text Available Este trabalho investigou as relações entre competência social, práticas educativas parentais e rendimento acadêmico em adolescentes. Participaram deste estudo 66 adolescentes divididos em dois grupos: alto e baixo rendimento acadêmico. Os instrumentos utilizados foram o CBCL e o YSR (Achenbach, 1991 e o IEP (Gomide, 2006. Os resultados mostraram que adolescentes de alto rendimento acadêmico são percebidos pelos pais como socialmente competentes e são criados com mais práticas educativas parentais positivas. Esses dados indicam que o rendimento acadêmico também é influenciado pela competência social e pelo modo como os adolescentes são educados pelos pais. Esses aspectos devem ser considerados em intervenções que pretendem promover a melhoria do rendimento acadêmico e o desenvolvimento de comportamentos ajustados ao contexto escolar.This paper investigated the relations between social competence, parental practices and academic performance in adolescents. 66 adolescents took part in the study and they were divided in two groups: high and low academic performance. The tools used in this research were CBCL and YSR (Achenbach, 1991, and IEP (Gomide, 2006. The results showed that adolescents of high academic achievements are perceived by the parents as socially competent and are raised with more positive parental practices. The data indicated that academic performance is also influenced by the social competence and the way the adolescents are educated by the parents. Those aspects should be considered in interventions that aim at promoting the improvement of academic performance and development of a behavior adjusted to the school.

  10. HISTÓRIAS SOBRE ÁLCOOL EM COMUNIDADE QUILOMBOLA: METODOLOGIA PARTICIPATIVA DE CRIAÇÃO-VALIDAÇÃO DE QUADRINHOS POR ADOLESCENTES

    OpenAIRE

    Adriana Nunes Moraes Partelli; Ivone Evangelista Cabral

    2017-01-01

    Objetivo: describir la metodología de participación de adolescentes en el proceso de creación-validación de una historieta que retrata la experimentación del alcohol y analizar las experiencias y vivencias de esos adolescentes que fueron incorporadas a las historietas. Método: investigación participante implementada entre 2015 y 2016, con la dinámica de creatividad-sensibilidad “Almanaque” del método creativo-sensible, en dos grupos de adolescentes (G1 y G2), totalizando 17 participantes,...

  11. Suicídio, lesões e envenenamento em adolescentes: um estudo epidemiológico Suicidio, lesiones y envenemiento de adolescentes: un estudio epidemiológico Suicide, lesions and poisoning of adolescents: an epidemiological study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Maria Fortaleza Teixeira

    1997-05-01

    Full Text Available Trata-se de um estudo epidemiológico dos casos de Suicídio e Lesões auto-infligidas (E950 a E959 e Lesões em que se ignora se foram acidental ou intencionalmente infligidas (E980 a E989 em adolescentes atendidos no setor de urgências psiquiátricas de um hospital-escola de Ribeirão Preto (S.P., durante o período de 1988 a 1991. Os diagnósticos foram agrupados segundo o CID-9. Os dados foram obtidos a partir do Serviço de Estatística do Hospital. O sexo feminino predominou nos 4 anos nos dois grupos diagnósticos. Observou-se um aumento dos casos de E950 a E959 no decorrer do período; enquanto houve uma diminuição de E980 a E989; em adolescentes.La presente investigación consta de un estudio epidemiológico de los casos de suicidio y lesiones auto-inflingidas (E950 a E959 y lesiones en que se ignora si fueron acidentales o intencionales (E980 a E989. La población fue adolescentes asistidos en el Sector de Urgencias Psiquiátricas, de un hospital universitário de la ciudad de Ribeirão Preto (S.P., durante el período de 1988 a 1991. Los datos fueron obtenidos en el Servicio de Estadística del Hospital; se agruparon los casos según diagnósticos (CID-9 y datos demográficos relevantes. Los resultados han evidenciado: el predominio del sexo femenino en los dos grupos diagnósticos y un aumento de los casos de E950 a E959, en cuanto hubo una disminución de los E980 a E989 entre los adolescentes, en el periodo estudiado.This is an epidemiological study on Self-Inflicted Suicide and Lesions (E950 to E959 that we do not know if they are accidentally or intentionally inflicted (E980 to E989 among adolescents attended in a Psychiatric Ward at an Emergency Service in Ribeirão Preto, S.P., Brazil, from 1988 to 1991. The diagnoses were grouped according to CID-9. Data were obtained from the Hospital Statistics Service. The feminine sex predominated in the 4 years and in both diagnoses. It was observed that the occurrence of E950 to E959

  12. A LIBERDADE EM SARTRE: UNIDADE ENTRE PROJETO E ENGAJAMENTO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Josiane Fátima Wambier

    2003-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho é refletir a liberdade em Sartre, tendo como base os textos: O existencialismo é um humanismo (1945 e Questão de método, a célebre introdução de Crítica da razão dialética (1960. A liberdade em Sartre é um tema filosófico e literário. No início do processo de sua trajetória intelectual, ela é encerrada dentro do cogito cartesiano: “penso, logo existo”. Apesar de ser concebida como uma pura subjetividade, ela também é entendida como projeto que se realiza na ação através do engajamento do homem no mundo. Posteriormente, ela é remetida para o plano histórico e relacionada com a necessidade no interior de uma tensão dialética entre objetividade e subjetividade. Mesmo nesta fase, o núcleo central do conceito sartreano de liberdade é conservado: a unidade entre projeto e engajamento.

  13. Factores asociados a la violencia en el noviazgo entre adolescentes: una revisión crítica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Rubio-Garay

    2015-01-01

    Full Text Available En este trabajo se realiza una revisión crítica de las variables asociadas a la violencia en las relaciones de noviazgo de los adolescentes. Se han identificado más de 30 variables y se han agrupado en función de su papel precipitante, facilitador, modulador o inhibidor de las agresiones y de la victimización. Aunque muchas de estas variables se han relacionado consistentemente tanto con la violencia cometida como con la violencia sufrida, otras generan controversia por su relación poco consistente con este tipo de violencia, entre ellas, el sexo, el origen étnico, el lugar de residencia, la estructura familiar, el estatus socioeconómico o la exposición a videojuegos y medios de comunicación con contenido violento. La delimitación de los factores de riesgo de violencia y un mayor conocimiento de la función que desempeñan resultan fundamentales para la implementación de programas de prevención en entornos educativos, así como para aumentar la eficacia y la efectividad de los ya existentes.

  14. Relación entre conducta prosocial, resolución de problemas y consumo de drogas en adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Olga Hernández-Serrano

    Full Text Available Este estudio presenta como objetivos: 1 estudiar el consumo de drogas, la conducta prosocial y la resolución de problemas en función del sexo y la edad, y 2 analizar la asociación de la conducta prosocial y las habilidades de resolución de problemas con el consumo de drogas. Se realizó un estudio descriptivo con un diseño transversal. La muestra se compuso de 567 escolares de Educación Secundaria Obligatoria (48.14% chicos con edades entre 14 y 17 años (M = 14.92; DT = .90. Se hallaron diferencias estadísticamente significativas en el consumo de alcohol y conducta prosocial en función del sexo, así como en el consumo de alcohol y cannabis en función de la edad. Cuando se controló el efecto de la edad y el sexo dentro de los modelos de regresión, la variable que mejor predijo el consumo de alcohol y cannabis fue la conducta prosocial. Los resultados de este estudio resaltan la importancia de promover conductas prosociales como factor de protección del consumo de alcohol y cannabis en la etapa adolescente.

  15. Análisis del autoconcepto en las víctimas de violencia de género entre adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    María Penado Abilleira

    2017-07-01

    Full Text Available El objetivo de esta investigación es analizar el autoconcepto en las víctimas de violencia de género entre adolescentes. Habiéndose constatado una menor autoestima en las víctimas de este tipo de violencia, se pretende comprobar si sucede lo mismo con el componente cognitivo de la visión que cada uno tenemos de nosotros mismos y que constituye el autoconcepto. Se ha utilizado una muestra compuesta por 266 adolescentes españoles con edades comprendidas entre los 14 y 19 años, que cursan estudios de Enseñanza Secundaria Obligatoria y Bachillerato. Se observa interacción significativa del género y la edad con el autoconcepto en adolescentes que sufren violencia en su relación, y las chicas con edades comprendidas entre los 16-17 años son el grupo de mayor vulnerabilidad. Son ellas las que presentan más bajo autoconcepto emocional y físico; así se constata que a medida que aumenta la edad, la prevalencia de este tipo de violencia se hace mayor. De cara a prevenir y paliar los efectos de la violencia de pareja en adolescentes, los programas de prevención deben incluir dentro de sus áreas de actuación acciones de educación emocional, que ayuden a mejorar el autoconcepto emocional de las víctimas.

  16. Violência sexual e sua prevalência em adolescentes de Porto Alegre, Brasil Sexual violence and its prevalence among adolescents, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guilherme Vanoni Polanczyk

    2003-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a prevalência da exposição à violência sexual entre adolescentes estudantes de escolas estaduais. MÉTODOS: Foram selecionadas 52 escolas estaduais de Porto Alegre, RS, Brasil, com ensino fundamental completo, por meio de um processo de amostragem aleatória, estratificada de acordo com o tamanho das escolas. Foi selecionada, em cada escola, uma turma de oitava série por sorteio aleatório e foram incluídos todos os adolescentes presentes nas salas de aula que consentiram em participar do estudo. Foi utilizado o instrumento Triagem da Exposição de Crianças à Violência na Comunidade para identificar jovens que foram vítimas, testemunhas ou que conheciam vítimas de atos de violência sexual. RESULTADOS: Foram incluídos 1.193 adolescentes, representando 10,3% dos alunos matriculados na oitava série da rede estadual da cidade. Vinte e sete (2,3% adolescentes relataram ter sido vítimas de violência sexual, 54 (4,5% ter sido testemunhas de algum tipo de violência sexual e 332 (27,9% relataram conhecer alguém que tenha sido vítima de violência sexual. CONCLUSÕES: A exposição à violência sexual pelas três formas de contato relatadas mostrou-se freqüente entre os adolescentes estudados. São necessários estudos que abordem a violência sexual como um fenômeno social amplo, com múltiplos fatores associados, amparando estratégias comunitárias de prevenção e de tratamento.OBJECTIVE: To assess the prevalence o sexual violence among adolescents of public schools. METHODS: Fifty-two public elementary schools of Porto Alegre, Brazil, were selected through random sampling stratified by school size. An 8th grade class was selected in each school through simple random sampling and all adolescents attending the classes who agreed to participate were included in the study. The Screening Survey of Children's Exposure to Community Violence was used to identify adolescents who were victims, witnesses or knew

  17. Índice de massa corporal de adolescentes: comparação entre diferentes referências Índice de masa corporal de adolescentes: comparación entre distintas referencias Body mass index of adolescents: comparison among different references

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula G. Clemente

    2011-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar o desempenho das referências (National Health and Nutrition Examination Survey I, National Center for Health Statistics/2000, International Obesity Task Force e Pesquisa Nacional sobre Saúde e Nutrição para avaliação do estado nutricional de crianças e adolescentes à nova curva de valores de índice de massa corporal, proposta pela Organização Mundial da Saúde em 2007. MÉTODOS: Trata-se de um estudo transversal, cuja população foi constituída por uma amostra não probabilística, com 5.122 crianças e adolescentes de baixa renda. Foi realizado o cálculo do tamanho amostral visando identificar a associação entre alteração na pressão arterial e baixa estatura nos diferentes estados nutricionais. Compararam-se as diferentes referências para avaliação do estado nutricional. Foram aplicados os testes Q de Cochran, McNemar, qui-quadrado e índice Kappa para comparar as proporções e a concordância da classificação de baixo peso e excesso de peso com as diferentes referências. RESULTADOS: As cinco referências utilizadas no presente estudo apresentaram diferenças entre si. Tanto para meninos como para meninas, as prevalências estimadas de baixo peso pela referência da Pesquisa Nacional sobre Saúde e Nutrição foram bem menores que as outras referências. Quanto à prevalência de excesso de peso para os meninos, esta foi maior pela referência da Pesquisa Nacional sobre Saúde e Nutrição. Encontrou-se concordância excelente (k>0,75 entre a maioria das classificações para excesso de peso analisadas. Porém, a concordância entre as classificações para baixo peso apresentou-se fraca (kOBJETIVO: Comparar el desempeño de las referencias (NHA-NES I, NCHS/2000, IOTF y PNSN para la evaluación del estado nutricional de niños y adolescentes con la nueva curva de valores del IMC, propuesta por la OMS en 2007. MÉTODOS: Se trata de un estudio transversal cuya pobla-ción fue constituida por una

  18. Evolução em duas séries históricas do índice de massa corporal em adolescentes Evolution of body mass index in two historical series of adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Isa de Pádua Cintra

    2007-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a evolução do índice de massa corporal (IMC entre dois estudos realizados com essa população. MÉTODOS: Os dados do IMC de 8.020 adolescentes de 10 a 15 anos de São Paulo, que participaram da pesquisa "Perfil nutricional de adolescentes de escolas públicas e particulares de São Paulo", no ano de 2005, foram comparados com os valores obtidos por meio da Pesquisa Nacional sobre Saúde e Nutrição (PNSN de 1989. Foi utilizado o teste binomial para comparação de proporções, após a transformação dos dados através dos percentis. RESULTADOS: Entre as duas pesquisas, foi verificado um incremento significativo nos valores do IMC, referentes aos percentis 85 e 95, para os adolescentes de 10 a 15 anos do sexo masculino e para os de 10 a 14 anos do sexo feminino. A análise comparativa da diferença entre os percentis P5 e P95 de IMC nas amostras de São Paulo e da PNSN indica que, em São Paulo, há um provável aumento de adolescentes nas faixas superiores de IMC em relação ao estudo da PNSN. CONCLUSÃO: Estes resultados demonstram uma tendência a maiores valores médios do IMC encontrados entre os adolescentes durante estes dois períodos de estudo, demonstrando a necessidade de maior monitorização dessa medida como forma de prevenir o excesso de peso nessa população.OBJECTIVE: To verify the evolution of body mass index (BMI between two studies of adolescent populations. METHODS: Data on the BMI of 8,020 adolescents aged 10 to 15 years living in the city of São Paulo, Brazil, and enrolled on the 2005 study entitled "The nutritional profile of adolescents at public and private schools in São Paulo" were compared with data from the 1989 National Nutrition and Health Census (PNSN - Pesquisa Nacional sobre Saúde e Nutrição. Binomial testing was used to compare proportions once both data sets had been transformed into percentiles. RESULTS: Comparing the two surveys, significant increases were identified in 85th

  19. Comorbidade em crianças e adolescentes com transtorno do déficit de atenção: resultados preliminares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Souza Isabella

    2001-01-01

    Full Text Available Trinta e quatro crianças e adolescentes com idades entre 6 e 16 anos, com diagnóstico de transtorno do déficit de atenção com hiperatividade (TDAH segundo a DSM-IV, foram examinadas e avaliadas quanto a comorbidade com outros transtornos psiquiátricos através do questionário padronizado P-CHIPS aplicado aos pais. Observou-se expressiva ocorrência de transtornos comórbidos (85,7%, sendo o transtorno opositivo-desafiador (20,6% e o transtorno de conduta (39,2% os mais comuns. Pelo menos dois outros diagnósticos que não o de TDAH puderam ser observados em 57% da amostra. A depressão maior pode ser diagnosticada em quatro casos e quadros ansiosos (transtorno de ansiedade generalizada, ansiedade de separação e fobias foram observados em 34,3% da amostra. A presença de comorbidade altera de modo significativo o prognóstico da enfermidade e pode sugerir estratégias terapêuticas específicas dependendo de cada caso. A comorbidade frequente também pode sugerir a necessidade do uso de entrevistas diagnósticas que contemplam outros transtornos psiquiátricos.

  20. Nível de atividade física em adolescentes do Município de Niterói, Rio de Janeiro, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silva Rosane C. Rosendo da

    2000-01-01

    Full Text Available O presente estudo teve como objetivo investigar o nível de atividade física (AF de adolescentes de Niterói, Rio de Janeiro. Alunos (n = 325 da rede pública de ensino tiveram seus AF avaliados pelo questionário de Crocker et al. (1997, PAQ-C. Dados antropométricos (massa corporal, estatura e índice de massa corporal e horas que assistem à televisão (TV também foram coletados. As médias dos escores do PAQ-C foram 2,3 e 2,0 para meninos e meninas, respectivamente (p < 0,01. A média de TV foi de 4,4 e 4,9 horas/dia para os sexos masculino e feminino. As atividades físicas mais praticadas foram o futebol entre os meninos e a caminhada entre as meninas. Os adolescentes apresentaram maior nível de atividade nos finais de semana em comparação aos dias de semana. Os valores do PAQ-C classificaram 85% dos meninos e 94% das meninas como sedentários. Os resultados encontrados alertam para a alta prevalência de sedentarismo neste grupo, aumentando a probabilidade de adultos sedentários. No entanto, outros estudos devem ser desenvolvidos para determinação de AF durante toda a adolescência e dos fatores determinantes da atividade física regular.

  1. Nível de atividade física em adolescentes do Município de Niterói, Rio de Janeiro, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosane C. Rosendo da Silva

    Full Text Available O presente estudo teve como objetivo investigar o nível de atividade física (AF de adolescentes de Niterói, Rio de Janeiro. Alunos (n = 325 da rede pública de ensino tiveram seus AF avaliados pelo questionário de Crocker et al. (1997, PAQ-C. Dados antropométricos (massa corporal, estatura e índice de massa corporal e horas que assistem à televisão (TV também foram coletados. As médias dos escores do PAQ-C foram 2,3 e 2,0 para meninos e meninas, respectivamente (p < 0,01. A média de TV foi de 4,4 e 4,9 horas/dia para os sexos masculino e feminino. As atividades físicas mais praticadas foram o futebol entre os meninos e a caminhada entre as meninas. Os adolescentes apresentaram maior nível de atividade nos finais de semana em comparação aos dias de semana. Os valores do PAQ-C classificaram 85% dos meninos e 94% das meninas como sedentários. Os resultados encontrados alertam para a alta prevalência de sedentarismo neste grupo, aumentando a probabilidade de adultos sedentários. No entanto, outros estudos devem ser desenvolvidos para determinação de AF durante toda a adolescência e dos fatores determinantes da atividade física regular.

  2. Avaliação da adesão à terapia antirretroviral em crianças e adolescentes

    OpenAIRE

    Aline Santarem Ernesto

    2011-01-01

    Resumo: Introdução: A Síndrome de Imunodeficiência Adquirida (Aids) é atualmente uma doença crônica, controlável graças à Terapia Antirretroviral de Alta Atividade (TARV). Em um contexto de acesso universal ao tratamento, a adesão do paciente torna-se um fator limitante e desafiador. Este estudo teve como objetivo avaliar a prevalência da nãoadesão à TARV em uma coorte de crianças e adolescentes com o uso de instrumentos complementares, bem como identificar e compreender os fatores associados...

  3. Depressão em Adolescentes: Revisão da Literatura e o Lugar da Pesquisa Fenomenológica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anna Karynne Melo

    Full Text Available Resumo Atualmente a depressão em adolescentes consiste em um fenômeno complexo e cada vez mais recorrente. Visando identificar e discutir os estudos que estão sendo produzidos sobre este tema, realizamos uma revisão de literatura com base em pesquisas indexadas nos bancos de dados SciELO; Portal de Periódicos da Capes; BDTD; APA; ScienceDirect; Redalyc; Lillacs e MedLine, mediante cruzamento das palavras-chave: depressão e adolescência; depressão em adolescentes; depression in adolescentes; depresión en adolescentes. Foram identificados 247 textos, sendo que, após apreciação baseando-se nos critérios de elegibilidade, restaram 159 estudos. Num primeiro momento, essas pesquisas foram organizadas quantitativamente e, a seguir, por uma análise qualitativa. Os estudos evidenciaram cinco categorias temáticas: sintomas depressivos; fatores associados à variabilidade sintomatológica; eventos estressores e fatores de risco; comorbidades associadas à depressão em adolescentes e depressão e suicídio em adolescentes. Os eixos abordados demonstram que ainda existe muito a discorrer sobre essa forma de adoecimento, em virtude dos múltiplos contornos que a constituem. Destacamos a escassez de trabalhos pautados em uma perspectiva fenomenológica, apesar do gradativo crescimento nos últimos anos. Sugere-se a fomentação, bem como a construção de novos espaços de discussão, no intuito de auxiliar os profissionais que estão envolvidos com essa temática em sua praxis.

  4. ADOLESCENTES EM CONFLITO COM A LEI EM MOÇAMBIQUE: REFLEXÕES SOBRE MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS E LIMITES PARA SUA APLICAÇÃO PRÁTICA.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tomás Xavier Francisco

    2015-03-01

    Full Text Available Este artigo tem por fim analisar, por um lado, a problemática dos adolescentes em conflito com a lei em Moçambique, e por outro lado, fazer reflexões sobre as medidas socioeducativas e limites para a sua aplicação prática. O trabalho contempla uma introdução, desenvolvimento onde arrola-se considerações sobre o histórico da legislação sobre adolescentes ou menores no país, reflexões sobre medidas socioeducativas e seus limites para sua aplicação prática, e por fim, contempla considerações finais e referências bibliográficas. A metodologia usada foi estudo exploratório, recorrendo-se a pesquisa bibliográfica e análise documental.

  5. Impacto do DSM-5 no diagnóstico de transtornos de aprendizagem em crianças e adolescentes com TDAH: um estudo de prevalência

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Beatriz Vargas Dorneles

    2014-12-01

    Full Text Available Estudos de prevalência de Transtornos de Aprendizagem (TA em crianças e adolescentes com TDAH apresentam resultados não conclusivos, apesar da frequente comorbidade entre as síndromes. Esse artigo descreve e analisa a prevalência de TA em uma amostra referida de 270 crianças e adolescentes com TDAH atendidas no Programa de Transtornos de Déficit de Atenção/Hiperatividade/Hospital de Clínicas de Porto Alegre - Universidade Federal do Rio Grande do Sul (ProDAH/HCPA-UFRGS, de acordo com os critérios diagnósticos do Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais IV - versão revisada (DSM-IV-TR. Verificou-se que 46,7% dos estudantes apresentam, pelo menos, um TA, sendo o Transtorno da Expressão Escrita o mais frequente (32,6%. Discutiu-se o potencial impacto das mudanças nos critérios diagnósticos para os TA, propostas pelo DSM-5 na prevalência desses transtornos. Embora seja possível afirmar que ocorrerão alterações nas taxas de prevalência de TA, o impacto do DSM-5 sobre a prevalência, especificidade e comorbidade do TA permanece incerto, já que há mudanças que ampliarão a abrangência dos critérios de inclusão e outras que a reduzirão.

  6. Fatores psicológicos de risco e protetores associados à ideação Suicida em Adolescentes

    OpenAIRE

    Brás, Marta; Jesus, Saul; Carmo, Cláudia

    2016-01-01

    Os adolescentes são referenciados como um grupo de risco de suicídio, no Plano Nacional de Prevenção do Suicídio (DGS, 2013), pelo que importa estudar a sua vulnerabilidade psicológica para os atos suicidas. O presente estudo teve como principal objetivo estudar a relação dos fatores psicológicos de risco e de proteção com a ideação suicida. A amostra foi constituída por 344 adolescentes, com idades compreendidas entre os 14 e os 19 anos (M = 16,97; DP = 1,11), dos quais 144 eram do sexo masc...

  7. Corpos em rebelião e o sofrimento-resistência: adolescentes em conflito com a lei Bodies in rebellion and suffering-resistance: adolescents in conflict with the law

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Cristina G. Vicentin

    2011-01-01

    Full Text Available Neste texto apresentamos duas modalidades de sofrimento experimentadas por adolescentes autores de ato infracional no cumprimento de medida de internação, especialmente quando colocados numa espécie de zona intermediária entre a vida e a morte. Em uma, o sofrimento torna-se ato político numa espécie de rebelião de si. Trata-se de um sofrimento-resistência em que se passa do lugar de vítima ao de testemunha. Na outra, a patologização dos adolescentes fará da experiência de sofrimento e dos corpos em luta atos cada vez mais isolados, individuais e sem potência. Trabalhamos em seguida as duas experiências de sofrimento em sua dimensão ético-política, considerando a presença na realidade brasileira de um cruzamento extremo entre mecanismos de soberania (sociedade autoritária e de biopoder: fazer viver (os cidadãos e fazer morrer (os inimigos, um em nome do outro. Sugerimos, por fim, a necessidade de (repolitizar a violência exercida e padecida pelos jovens como forma de desnaturalizar a violência juvenil.In this text I present two modalities of suffering experienced by adolescents responsible for committing offenses while in detention, especially when caught in a kind of intermediary zone between life and death. In the first modality, suffering turns into a political act of self-rebellion, a suffering-resistance in which the subject passes from victim to witness. In the second modality, the pathologization of the adolescents turns their experience of suffering and rebelling bodies into increasingly isolated, individual and disempowered acts. Subsequently I focus on the ethical-political dimension of two experiences of suffering, highlighting the presence in contemporary Brazil of an extreme overlap between mechanisms of sovereignty (authoritarian society and biopower: making some live (the citizens and others die (the enemies, one in the name of the other. Finally I suggest the need to (repoliticize the violence committed and

  8. Consumo de drogas entre adolescentes: resultados de la Encuesta Nacional de Adicciones, 1998

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Medina-Mora Ma Elena

    2003-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Describir el consumo de drogas y los factores de riesgo en adolescentes de 12 a 17 años. MATERIAL Y MÉTODOS: Los datos provienen de la Encuesta Nacional de Adicciones 1998, realizada en hogares ubicados en zonas urbanas de la República Mexicana. El diseño de la muestra fue probabilístico, estratificado y por conglomerados en varias etapas de muestreo, donde la última unidad de selección fue un individuo en la vivienda. Los resultados se analizaron obteniendo los intervalos de confianza de las prevalencias del consumo de drogas, y se realizó un análisis de regresión logística para evaluar los factores asociados con el consumo de drogas. RESULTADOS: El 3.57% de los varones y 0.6% de las mujeres habían usado una o más drogas excluyendo al tabaco y al alcohol; 2.14 de hombres y 0.45% de mujeres lo habían hecho en los doce meses previos al estudio, y 1.4 de los hombres y 0.3% de las mujeres en los 30 días anteriores a la encuesta. La mariguana es la droga más usada (2.4 y 0.45%, seguida por los inhalables (1.08 y 0.20% y la cocaína (0.99 y 0.22% por hombres y mujeres, respectivamente. El riesgo de usar drogas se asoció con ser hombre, no estudiar, considerar fácil conseguir drogas, no ver mal el uso de drogas por parte de los amigos, que éstos las usaran, usarlas por parte de la familia y estar deprimido. CONCLUSIONES: El entorno que rodea a nuestros jóvenes de 12 a 17 años indica que el consumo de drogas está cada vez más presente. Los índices de consumo se han incrementado, especialmente en la región norte del país y en las grandes metrópolis (Tijuana, Ciudad de México y Guadalajara, principalmente. Estos datos refuerzan la necesidad de desarrollar campañas que permitan detectar a los menores que tienen problemas emocionales y darles la atención apropiada para evitar que consuman drogas como un mecanismo para enfrentar problemas de esta naturaleza. Asimismo, es necesario identificar a los menores con mayor

  9. Simultaneidade de comportamentos de risco para infecções sexualmente transmissíveis em adolescentes brasileiros, 2012

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosália Garcia Neves

    Full Text Available Resumo OBJETIVO: analisar a simultaneidade de dois grupos de comportamentos de risco para infecções sexualmente transmissíveis em adolescentes brasileiros. MÉTODOS: estudo transversal com dados da Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar 2012; os desfechos foram (1 simultaneidade de consumo de álcool, fumo e drogas (pelo menos dois e (2 não uso de camisinha e relação sexual com dois ou mais parceiros. RESULTADOS: a simultaneidade de consumo de álcool, fumo e drogas foi de 14,7% nos meninos e 21,5% nas meninas, mais prevalente em brancos, com mães mais escolarizadas, que não moravam com os pais; aproximadamente 12,0% dos adolescentes apresentaram simultaneidade de não uso de camisinha e dois ou mais parceiros, sendo mais frequente nos meninos mais novos, não brancos (RP=1,22; IC95% 1,10;1,36 e que não moravam com os pais (RP=1,78; IC95% 1,48;2,16, enquanto nas meninas, esse desfecho associou-se a maior idade. CONCLUSÃO: ambos desfechos associaram-se a diferentes características, dependendo do sexo do adolescente.

  10. Sistema Socioeducativo Potiguar: um debate sobre violações de direitos de crianças e adolescentes em âmbito internacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ilana Lemos Paiva

    2016-12-01

    Full Text Available O Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA, embasado especialmente no processo da Convenção Internacional das Nações Unidas sobre os Direitos da Criança (1989, representou um significativo avanço em relação à proteção dos direitos fundamentais de crianças e adolescentes, e originou mudanças paradigmáticas ao responsabilizar adolescentes em conflito com a lei por meio de medidas socioeducativas. Apesar dos avanços observados, a realidade dos adolescentes que cumprem medidas socioeducativas continua marcada por quadro de violação de direitos. Desse modo, pretende-se analisar as graves e recorrentes violações de direitos humanos a adolescentes em conflito com a lei verificadas no estado do Rio Grande do Norte, como territorialidade específica. Compreende-se que, apesar das limitações, acionar o sistema americano de direitos humanos revela-se uma importante ferramenta. Estatuto da Criança e do Adolescente, Sistema Socioeducativo, sistema americano de direitos humanos

  11. Relación entre las características de la adolescente embarazada y la resistencia al consumo de droga

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Martinez Liliana del C.

    2004-01-01

    Full Text Available Es un estudio cualitativo, se realizo entrevistas en profundidad a 20 adolescentes embarazadas, que aceptaron participar de la investigación, sobre la relación entre las características de la adolescente embarazada y la resistencia al consumo de droga. Se logro conocer que ellas tuvieron contacto con drogas licitas e ilícitas, así como la decisión para rechazar, dejar o disminuir el consumo; también se identifico el escaso conocimiento que las jovencitas tienen del salud reproductiva y las modificaciones gravídicas en su cuerpo. Para esta población es importante contar con una pareja y su hijo, como sostén para el no consumo de sustancias toxicas que causan adicción.

  12. Comparação temporal das prevalências de asma e rinite em adolescentes em Fortaleza, Brasil Prevalences of asthma and rhinitis among adolescents in the city of Fortaleza, Brazil: temporal changes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria de Fátima Gomes de Luna

    2013-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever as prevalências de asma e rinite em adolescentes de 13-14 anos de idade em Fortaleza (CE em 2010 e compará-las com as prevalências obtidas em um inquérito em 2006-2007. MÉTODOS: Estudo transversal envolvendo uma amostragem probabilística de 3.015 e 3.020 adolescentes, respectivamente, em 2006-2007 e 2010, utilizando o protocolo do International Study of Asthma and Allergies in Childhood. RESULTADOS: Na comparação entre os dois períodos, não houve diferenças significativas em relação a sibilos cumulativos, asma ativa, quatro ou mais crises de sibilos no último ano, prejuízo do sono por sibilos > 1 noite/semana e crises limitando a fala. Em 2010, houve um aumento significativo na prevalência de sibilos após exercícios, tosse seca noturna e asma diagnosticada (p OBJECTIVE: To describe the prevalences of asthma and rhinitis in adolescents (13-14 years of age in the city of Fortaleza, Brazil, in 2010, comparing the results with those obtained in a prevalence survey conducted in 2006-2007. METHODS: This was a cross-sectional study involving probabilistic samples of 3,015 and 3,020 adolescents in surveys conducted in 2006-2007 and 2010, respectively. The International Study of Asthma and Allergies in Childhood protocol was used on both occasions. RESULTS: Comparing the two periods, there were no significant differences regarding cumulative wheezing, active asthma, four or more wheezing attacks within the last year, sleep disturbed by wheezing more than one night per week, and speech-limiting wheezing. The prevalences of exercise-induced wheezing, dry cough at night, and physician-diagnosed asthma were significantly higher in 2010 than in the 20062007 period (p < 0.01 for all. The prevalence of physician-diagnosed rhinitis was significantly lower in 2010 (p = 0.01, whereas there were no significant differences between the two periods regarding cumulative rhinitis, current rhinitis, and rhinoconjunctivitis. In both

  13. Problemas de saúde mental e tabagismo em adolescentes do sul do Brasil Problemas de salud mental y tabaquismo en adolescentes del sur de Brasil Mental health problems and smoking among adolescents from Southern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana M B Menezes

    2011-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a associação entre problemas de saúde mental e uso de tabaco em adolescentes. MÉTODOS: Foram analisados 4.325 adolescentes de 15 anos da coorte de nascimentos de 1993 da cidade de Pelotas, RS. Tabagismo foi definido como fumar um ou mais cigarros nos últimos 30 dias. Saúde mental foi avaliada de acordo com o escore total do questionário Strengths and Difficulties Questionnaire e escore maior ou igual a 20 pontos foi considerado como positivo. Os dados foram analisados por regressão de Poisson, com ajuste robusto para variância. RESULTADOS: A prevalência de tabagismo foi 6,0% e cerca de 30% dos adolescentes apresentaram algum tipo de problema de saúde mental. Na análise bruta, a razão de prevalências para tabagismo foi de 3,3 (IC95% 2,5; 4,2. Após ajuste (para sexo, idade, cor da pele, renda familiar, escolaridade da mãe, grupo de amigos fumantes, trabalho no último ano, repetência escolar, atividade física de lazer e uso experimental de bebida alcoólica, diminuiu para 1,7 (IC95% 1,2; 2,3 entre aqueles com problemas de saúde mental. CONCLUSÕES: Problemas de saúde mental na adolescência podem ter relação com o consumo de tabaco.OBJETIVO: Analizar la asociación entre problemas de salud mental y uso de cigarro en adolescentes. MÉTODOS: Se analizaron 4.325 adolescentes de 15 años de la cohorte de nacimientos de 1993 de la ciudad de Pelotas, Sur de Brasil. Tabaquismo fue definido como fumar uno o más cigarros en los últimos 30 días. Salud mental fue evaluada de acuerdo con el escore total del cuestionario Strengths and Difficulties Questionnaire y escore mayor o igual a 20 puntos fue considerado como positivo. Los datos fueron analizados por regresión de Poisson, con ajuste robusto para varianza. RESULTADOS: La prevalencia de tabaquismo fue 6,0% y cerca de 30% de los adolescentes presentaron algún tipo de problema de salud mental. En el análisis bruto, la tasa de prevalencias de problema de

  14. Salud familiar en familias con adolescente gestante Saúde familiar em famílias com adolescentes gestantes Family health in families with pregnant adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Martha cecilia Veloza Morales

    2012-01-01

    Full Text Available La investigación se basó en la teoría de organización sistémica de Marie Louse Friedemann; el objetivo fue describir el grado de salud familiar de familias con adolescente gestante. Estudio Descriptivo transversal comparativo, con abordaje cuantitativo donde se evaluó el grado de salud familiar a 100 familias atendidas en dos instituciones prestadoras de Salud (IPS en Bogotá, Colombia; se organizaron en dos grupos: la mitad de las familias con adolescentes gestantes que presentaron morbilidad en el tercer trimestre del embarazo y la otra mitad que no presentaron morbilidad; para la recolección de la información se utilizó el instrumento ISF GES 19 diseñado, implementado y probado por la doctora Pilar Amaya de Peña. Se obtuvo una visión global acerca de la salud familiar y se comparó el grado de salud familiar de acuerdo con las características halladas en cada uno de los grupos. Se concluye que las familias no sienten o no perciben el riesgo de sufrir o no una patología durante el embarazo, y por tanto, no afecta su grado de salud familiar el cual consideran saludable y satisfecho. Se invita a crear estrategias que conlleven a disminuir los riesgos de salud a que se expone la familia y la madre adolescente.Apesquisa foi baseada na teoria da organização sistémica de Marie Louse Friedemann; o objeto foi descrever o grau de saúde familiar das famílias com adolescentes gestantes. Estu-do descritivo transversal comparativo, com abordagem quan-titativa onde foi avaliado o grau de saúde familiar de 100 famí-lias atendidas em duas instituições fornecedoras de serviços de saúde (IPS em Bogotá, Colômbia. As 100 famílias foram organizadas em dois grupos: a metade das famílias com adolescentes gestantes que apresentaram morbidez no terceiro trimestre de gravidez e a outra metade conformada por aquelas famílias com adolescentes gestantes que não apresentaram morbidez; para a compilação da informação, utilizou-se o

  15. A comunicação em famílias com filhos adolescentes The communication in the families with adolescents child

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Wagner

    2002-06-01

    Full Text Available A adolescência é considerada um período no qual ocorre um incremento nos confrontos entre pais e filhos. Objetivou-se, então, conhecer como os adolescentes avaliam a comunicação que estabelecem na família. Foram investigados 295 jovens com idades entre 11 e 16 anos. Aplicou-se um questionário que avaliava a comunicação do adolescente com os membros da sua família. Os resultados apontam que a mãe é a pessoa mais procurada para conversar (49,8%, seguida pelo irmão mais velho (17,6% e depois pelo pai (12,2% e pelo irmão mais novo (2,4%. Os dados refletem uma estrutura familiar na qual a mãe aparece como a principal responsável pelo cuidado e mediação das relações familiares, enquanto o pai ocupa um lugar mais periférico. Os adolescentes também informaram ter um bom nível de comunicação em casa, sendo que 96% consideram a comunicação familiar como algo muito importante.Adolescence is regarded as a period in which difficulties in family communication and an increase in confrontations between parents and children take place. We set out to understand how adolescents evaluate the frequency and quality of the communication they establish with their parents and siblings. 295 youngsters were investigated, 141 males and 154 females, ages ranging between 11 and 16 years old. A questionnaire was administered, with simple choice closed questions which aimed to evaluate the communication of the adolescent with differents members of the family. Results point at the mother as the most sought out person for conversation (49,8%, followed by the eldest sibling (17,6% and then the father (12,2% and the youngest sibling (2,4%. Data reflect a family structure in which the mother appears as the main responsible for care and mediation of the familiar relationships, whereas the father occupies a more peripheral place. The adolescents report a good level of communication at home and 96% of them evaluate family communication as very important.

  16. O perfil dos adolescentes que cumprem medida socioeducativa de prestação de serviços à comunidade em Maringá - PR

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Lopes Silva

    2011-07-01

    Full Text Available Este artigo resulta da pesquisa sobre adolescentes em conflito com a lei e o cumprimento da medida sócio educativa de Prestação de Serviços a Comunidade no município de Maringá – PR. Trata-se de uma pesquisa documental qualitativa, cujo objetivo foi o de construir uma breve reflexão sobre a a infância e juventude para compreensão do envolvimento do adolescente em atos infracionais. A pesquisa foi realizada no Centro de Referência Sócio Educativo - CRSE, órgão executor das medidas sócio educativas de Prestação de Serviços a Comunidade e Liberdade Assistida, no município de Maringá- PR. A pesquisa ocorreu em duas etapas: a revisão de literatura sobre os temas criança e adolescente e adolescente em conflito com a lei. A segunda ocorreu por meio da consulta ao banco de dados do CRSE; do registro dos prontuários dos adolescentes que cumprem a referida medida, bem como os instrumentos utilizados pelos profissionais do CRSE nos atendimentos realizados. A pesquisa foi desenvolvida no período de julho a novembro de 2010. Foi possível identificar o perfil do adolescente em cumprimento de medida sócio educativa de PSC no CRSE. Esta identificação nos deu a dimensão da situação econômica e social do adolescente e família atendidos pela equipe do programa.

  17. Interesse e conhecimento em cirurgia refrativa entre estudantes de medicina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kara José Flávio Cotait

    2002-01-01

    Full Text Available Objetivo: Realizou-se um estudo em estudantes da Faculdade de Medicina do ABC a fim de analisar e relacionar a freqüência de usuários de correção óptica, o tipo de vícios de refração, o número de pessoas submetidas à cirurgia refrativa e o conhecimento e interesse por essa operação. Métodos: realizou-se um levantamento entre estudantes de medicina da Faculdade de Medicina do ABC, no período de 19 a 21 de junho de 2000. Foi utilizado um questionário auto-aplicável como instrumento de coleta de dados. Resultados: foi relatado que 62,7% dos estudantes usavam correção óptica, sendo que 53,3% desses apresentavam, como erro de refração, miopia simples ou associada ao astigmatismo. 92,8% do total dos entrevistados já tinham ouvido falar em cirurgia refrativa, contendo apenas 34,2% conhecedores dessa técnica cirúrgica e 17,6% conhecedores dos riscos e complicações pós-operatórios. Entre os 200 estudantes amétropes, 50,5% gostariam de ser submetidos à operação, sendo que 69,0% deles esperavam, através da cirurgia, a cura definitiva. Foi coletado, também, que 51,7% dos entrevistados tiveram a última consulta oftalmológica há menos de 1 ano; 32,0% entre 1 e 3 anos e 15,7% há mais de três anos. Apenas 5 estudantes já tinham sido submetidos à cirurgia refrativa. Conclusão: A maioria dos estudantes de Medicina (62,7% é portador de vício de refração corrigido, sendo os mais freqüentes a miopia simples e a miopia associada a astigmatismo. Há pouco conhecimento e falsa expectativa em relação à cirurgia, sendo que apenas 34,2% entrevistados conhecem o procedimento cirúrgico, 17,6% sabem dos riscos e das complicações e 69,0% esperam cura total. Diante das condições desse estudo, foi constatado que apesar de muitos se interessarem pela cirurgia refrativa, poucos se submeteram a ela, devido, principalmente, em ordem decrescente, a: contra-indicação médica, falta de oportunidade, falta de conhecimento e

  18. Padrões de concordância entre múltiplos informantes na avaliação dos problemas comportamentais de adolescentes: implicações clínicas

    OpenAIRE

    Marina Monzani da Rocha; Rafaela Almeida Ferrari; Edwiges Ferreira de Mattos Silvares

    2011-01-01

    Uma avaliação abrangente inclui informações advindas de múltiplos informantes, inclusive do próprio adolescente, que oferece uma perspectiva única sobre o caso. Buscando verificar padrões de concordância entre pais e adolescentes na avaliação dos problemas dos últimos e discutir as implicações clínicas das divergências, as autoavaliações de 66 adolescentes encaminhados para atendimento psicológico, expressas na resposta ao YSR, foram comparadas às avaliações feitas pelos respectivos pais sobr...

  19. Resposta de testes de hipersensibilidade tardia utilizando PPD e outros antígenos em crianças e adolescentes saudáveis e infectados pelo HIV-1 e vacinados com BCG

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Natalia Moriya Xavier da Costa

    2011-10-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A contagem de células CD4+ representa marcador da resposta imune celular em pacientes infectados pelo HIV-1. Testes cutâneos de hipersensibilidade tardia (DTH podem ser empregados para avaliar in vivo respostas celulares a antígenos comuns. MÉTODOS: DTH para derivado proteico purificado de tuberculina (PPD, esporotriquina, tricofitina, candidina e estreptoquinase/estreptodornase foram realizados. Foram testados crianças/adolescentes infectados pelo HIV-1 (n=36 e indivíduos saudáveis (n=56, soronegativos para HIV-1/HIV-2 pareados por sexo-idade, todos com cicatriz vacinal por BCG. Teste exato de Fisher foi aplicado (p<0,05. RESULTADOS: Entre as crianças/adolescentes infectados pelo HIV-1, mediana de idade=8,1 anos; 20/36 eram do sexo masculino; 35 casos de transmissão vertical; 34 casos de AIDS sob terapia antirretroviral; mediana de carga viral = 3.04lc10 cópias/ml; mediana de contagem de células CD4+ = 701 células/μl. Entre os infectados e saudáveis a reatividade DTH a pelo menos um dos antígenos foi, respectivamente, 25% (9/36 e 87,5% (49/56 (p<0,001. Reatividade à candidina predominou nos infectados (8/36, 22% e ao PPD nos indivíduos saudáveis (40/56, 71,4%. A reatividade ao PPD entre infectados foi de 8,3% (p<0,01. A mediana da induração ao PPD foi 2,5mm (variação: 2-5mm entre infectados e 6,0mm (variação: 3-15mm entre os saudáveis. Não observamos correlação entre positividade ao PPD e idade. No grupo de infectados, não observamos correlação entre contagens de células CD4+ e reatividade ao DTH. CONCLUSÕES: Respostas DTH significativamente diminuídas, incluindo a reatividade ao PPD foram observadas em crianças/adolescentes infectados pelo HIV-1 comparadas com controles saudáveis, provavelmente refletindo doença avançada e supressão da imunidade mediada por células T.

  20. Ultrassonografia pélvica em crianças e adolescentes Pelvic ultrasonography in children and teenagers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wellington de Paula Martins

    2009-12-01

    Full Text Available O conhecimento das mudanças que ocorrem no útero e ovários durante a puberdade é fundamental ao investigar alterações da pelve feminina em crianças e adolescentes. O exame ultrassonográfico nestas pacientes é rotineiramente realizado por via abdominal usando o líquido da bexiga como uma janela ultrassônica, embora possa ser algumas vezes realizado pela via vaginal em adolescentes sexualmente ativas. As principais indicações para ultrassonografia pélvica em crianças e adolescentes são a puberdade precoce ou atrasada, dor ou massas pélvicas, genitália ambígua, sangramento vaginal em crianças e amenorreia primária. Neste artigo relatamos a técnica do exame, além de descrever os achados mais freqüentes.The knowledge of uterine and ovarian changes in the puberty is essential in the investigation changes in the female pelvis of children and teenagers. In these patients, pelvic ultrasonography is routinely performed with a full bladder to produce an acoustic window, although this examination may also be performed with endovaginal approach in sexually active teenagers. Main indications for pelvic ultrasonography in children and teenagers are either early or delayed puberty, pelvic pain or tumors, ambiguous genitalia, vaginal bleeding in children, and primary amenorrhea. In the present paper, the authors describe the scanning technique and the most frequent sonographic findings.

  1. Factors affecting nutrition behavior among middle-class adolescents in urban area of Northern region of Brazil Preferências nutricionais entre adolescentes da classe média de Manaus, AM (Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eva I. Doyle

    1997-08-01

    Brasil tem sido considerado um País em transição nutricional em razão dos recentes aumentos na prevalência de obesidade e doenças crônicas na classe média, sendo importante identificar os fatores que influenciam as preferências nutricionais desse grupo. Foi realizado estudo com estudantes de classe média de um colégio secundário, particular, em Manaus, AM, Brasil. Com o objetivo de determinar a disponibilidade e a acessibilidade das merendas e analisar as atitudes e preferências dos estudantes e a influência de vários fatores na escolha de merendas nutritivas. MÉTODOS: O estudo incluiu quatros fases: (a discusão em um grupo de especialistas em nutrição sobre a disponibilidade e acessibilidade das merendas em Manaus; (b inquérito junto a um grupo dos adolescentes (n=63 sobre suas preferências e hábitos nutricionais; (c inquérito junto a supermercados selecionado para identificar a disponibilidade e acessibilidade das merendas preferidas; (d um grupo acompanhado de uma subamostra dos adolescentes (n=55 para identificar a preferências e atitudes sobre o custo e disponibilidade das merendas. RESULTADOS: Foi constatado que os estudantes possuíam condições financeiras para comprar merendas e que as merendas nutritivas não custam mais do que as não nutritivas. A preferência dos adolescentes foi por merendas não nutritivas. Os fatores que, principalmente, influenciam na escolha originam-se da família e da televisão. CONCLUSÃO: As implicações para futuras pesquisas e programas nutricionais são discutidos, recomendando-se campanha de educação nutricional para famílias, visto a importância desta na escolha de merendas entre esses adolescentes.

  2. Fatores associados à cobertura vacinal em adolescentes Factores asociados a la cobertura por vacunas en adolescentes Factors associated to the vaccination covering in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ayla Maria Calixto de Carvalho

    2010-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar os fatores associados à condição de estar vacinado entre adolescentes de uma área da Estratégia Saúde da Família de Teresina - PI. MÉTODOS: Estudo de natureza quantitativa e do tipo seccional. A amostra foi constituída por 261 adolescentes e a análise foi realizada por meio da estatística descritiva. RESULTADOS: A cobertura vacinal contra rubéola, sarampo e caxumba foi de 5,4%; para a vacina contra difteria e tétano, foi de 22,9%; para a vacina contra hepatite-B: foi 27,2% e 35,2% para a vacina contra febre amarela. CONCLUSÃO: A baixa cobertura vacinal encontrada neste estudo está relacionada: às oportunidades perdidas de vacinação (65,5%; à deficiência de conhecimento sobre as vacinas, a faixa etária maior de 15 anos (Razão da Prevalência (RP = 2,85; Índice de Confiança (IC 95% = 1,63-4,99; o sexo masculino (RP = 2,04; IC95% =1,15-3,62.OBJETIVO: Analizar los factores asociados a la condición de estar vacunado entre adolescentes, en un área de la Estrategia Salud de la Familia, en la ciudad de Teresina, en el estado de Piauí. MÉTODOS: Estudio de naturaleza cuantitativa y de tipo seccional. La muestra fue constituida por 261 adolescentes y el análisis fue realizado por medio de la estadística descriptiva. RESULTADOS: La cobertura por vacuna contra rubéola, sarampión e caxumba fue de 5,4%; para la vacuna contra la difteria y tétano, fue de 22,9%; para la vacuna contra hepatitis-B, fue 27,2% y de 35,2% para la vacuna contra la fiebre amarilla. CONCLUSIÓN: La baja cobertura por vacunación encontrada en este estudio está relacionada a: 1 las oportunidades perdidas de vacunación (65,5%; a la deficiencia de conocimiento sobre las vacunas, al intervalo de edad mayor de 15 años [Razón de la Prevalencia (RP = 2,85; Índice de Confianza (IC 95% = 1,63-4,99]; al sexo masculino (RP = 2,04; IC95% =1,15-3,62.OBJECTIVE: To analyze the factors associated to the condition of to be vaccinated among

  3. POLÍTICAS PÚBLICAS E ADOLESCENTES EM CONFLITO COM A LEI: revisão sistemática da literatura nacional

    OpenAIRE

    Lisiane Ligia Mella; Jéssica Limberger; Ilana Andretta

    2016-01-01

    Políticas públicas voltadas ao adolescente em conflito com a lei têm sido amplamente destacadas ao longo da história brasileira, principalmente após o processo de redemocratização do país, que culminou na promulgação da Constituição Federal de 1988 e o posterior Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) em 1990. A presente revisão bibliográfica objetiva descrever estudos brasileiros de 2005 a 2015 acerca das políticas públicas dos adolescentes em conflito com a lei, analisando se tais estudo...

  4. Epidemiologia dos transtornos do desenvolvimento psicológico em adolescentes: uso de álcool e outras drogas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fábio Vinícius Rocha

    2015-01-01

    Full Text Available identificar las características personales y clínicas de adolescentes con Trastornos del Desarrollo Psicológico, usuarios de alcohol y otras drogas. Método: estudio retrospectivo que analizó la atención en un Centro de Atención Psicosocial III. Resultados: de 415 adolescentes tratados, 52,3% eran mujeres; 89,9% con 12 a 14 años; 51,6% asistidos por orden judicial; 28,2% tenían “Trastorno del Desarrollo Psicológico no Especificado”; 32,3% utilizaban múltiples drogas. Tener entre 12 y 14 años presentó, respectivamente, riesgos 2,5 y 1,5 veces mayores de Trastorno de Desarrollo Psicológico. Consumidores de cocaína/grieta presentaron más probabilidad (4,27 veces de recibir el diagnóstico “Uso de Sustancias Psicoactivas”. Conclusión: los adolescentes son tratados según la Ley, que requiere tratamiento debido a las inadecuaciones al convivio común, en alto uso de cannabinoides, y la dificultad de profesionales en la atención de los Trastornos del Desarrollo Psicológico.

  5. Hipertensão arterial em adolescentes do Rio de Janeiro: prevalência e associação com atividade física e obesidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Victor Gonçalves Corrêa-Neto

    2014-06-01

    Full Text Available O objetivo do estudo foi identificar a prevalência de hipertensão arterial sistêmica em adolescentes estudantes do 3º ano do ensino médio de escolas públicas estaduais dentro do município do rio de Janeiro com idade entre 17 e 19 anos, bem como investigar as associações de hipertensão arterial sistêmica com obesidade e níveis de atividade física. Dados de pressão arterial, índice de massa corporal e atividade física, foram coletados. A amostra foi composta por 854 indivíduos, a estatística descritiva foi aplicada na amostra, bem como um modelo de regressão de Poisson para determinar o impacto das variáveis na prevalência de hipertensão arterial sistêmica. A prevalência de hipertensão arterial sistêmica foi de 19,4%. Sexo masculino, sobrepeso e obesidade se associaram positiva e significativamente com hipertensão arterial sistêmica (p 0,05. A natureza dessas relações deveria ser interpretada a luz da reflexão e não de rotulações passivas embasadas em conceitos hegemônicos.

  6. Equilíbrio corporal em crianças e adolescentes asmáticos e não asmáticos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marta Cristina Rodrigues da Silva

    2013-06-01

    Full Text Available O objetivo foi analisar e comparar o equilíbrio corporal em crianças e adolescentes asmáticos e não asmáticos. Fizeram parte do grupo de estudos 24 sujeitos com idades de 7 a 14 anos divididos em dois grupos: grupo asmático e grupo controle. Para avaliação do equilíbrio corporal utilizou-se uma plataforma de força. Foram utilizadas as condições, olhos abertos e fechados com três tentativas aleatórias, com duração de 30 segundos cada uma. Os resultados apontaram diferença significativa entre os grupos, no teste de equilíbrio com olhos abertos apresentando maior amplitude de deslocamento na direção ântero-posterior (COPap (p = 0,04, e médio lateral (COPml (p = 0,02 no grupo asmático. Enquanto que no teste com olhos fechados a diferença foi significante apenas na amplitude de deslocamento ântero-posterior (COPap (p = 0,02 e Área de Elipse (p=0,03. Desse modo, a asma com suas limitações e consequências parece influenciar negativamente no equilíbrio corporal de seus portadores quando comparados com crianças sem a patologia e da mesma faixa etária.

  7. O papel da informação como medida preventiva ao uso de drogas entre jovens em situação de risco

    OpenAIRE

    Sanchez,Zila van der Meer; Oliveira,Lúcio Garcia de; Ribeiro,Luciana Abeid; Nappo,Solange Aparecida

    2010-01-01

    Entre os jovens, o uso de drogas ilícitas é um problema de saúde coletiva que desperta atenção. Poucos estudos sobre motivos para o não uso de drogas exploram o real papel da informação como método preventivo. O objetivo do estudo é analisar, entre adolescentes e jovens em situação de risco, os motivos para o não uso de drogas ilícitas, destacando o impacto da informação como fator protetor. Através de metodologia qualitativa, adotou-se uma amostra intencional, selecionada por informantes-cha...

  8. Asociación entre depresión e ideación suicida en un grupo de adolescentes colombianos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elsa Fernanda Siabato Macías

    2017-01-01

    Full Text Available Objetivo. Estimar la asociación entre los síntomas depresivos y la ideación suicida en adolescentes. Método. Se realizó un estudio de corte transeccional, en el cual se aplicó el Cuestionario de Depresión Infantil (CDI y el Inventario de Ideación Suicida Positiva y Negativa (PANSI a un grupo de 289 adolescentes escolarizados (126 hombres y 163 mujeres, con edades comprendidas entre 14 y 17 años, matriculados en cuatro instituciones educativas públicas de Tunja, Colombia. Resultados. El 30% de los participantes presentaron un nivel alto de ideación suicida y el 9% reportaron síntomas depresivos, hallándose puntuaciones más altas en mujeres que en hombres para ambas variables de estudio. También se encontraron relaciones signifi cativas entre ideación suicida y ánimo negativo (rs= 0.43, p < 0.000, anhedonia (rs = 0.40, p < 0.000 y autoestima negativa (rs = 0.44, p < 0.000. Los análisis de regresión logística mostraron como factores predictores de ideación suicida en mujeres, el ánimo negativo y la autoestima negativa, mientras en los hombres no se identifi có ningún factor predictor. Conclusión. Los síntomas depresivos relacionados con estado de ánimo y autoestima negativa son factores de riesgo relevantes asociados con el componente cognitivo de la conducta suicida en mujeres adolescentes.

  9. Sedentarismo e variáveis clínico-metabólicas associadas à obesidade em adolescentes Inactivity and clinical and metabolic variables associated with adolescent obesity

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Priscila Trapp Abbes

    2011-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estudar a associação da obesidade com variáveis metabólicas, variáveis clínicas e sedentarismo, em adolescentes pós-púberes de escolas públicas de São Paulo. MÉTODOS: Estudo caso-controle com 128 adolescentes obesos (índice de massa corporal > percentil 95 e 151 adolescentes eutróficos (índice de massa corporal entre percentis 5 e 85. Foram realizados exame físico, avaliação bioquímica e de composição corporal. Foi aplicado questionário previamente testado, que gerou um escore de sedentarismo. Na análise estatística, foi realizada a análise de variância com testes de comparações múltiplas de Bonferroni e qui-quadrado (Pearson. O modelo logístico múltiplo foi utilizado para verificar as associações entre variáveis clínicas, variáveis metabólicas, escore de sedentarismo e estado nutricional. RESULTADOS Por meio da análise de variância, foi identificado um gradiente nos valores médios das variáveis metabólicas e clínicas com piora dessas variáveis em paralelo ao aumento do grau de sedentarismo, o que foi confirmado pelo teste qui-quadrado. Na análise bivariada de riscos para obesidade, os adolescentes obesos apresentaram maiores frequências de sedentarismo, de alterações nos níveis de lipoproteína de alta densidade e triglicérides, de hiperinsulinemia e homeostasis model assessment for insulin resistence alterado, e de pressão arterial alterada (pOBJECTIVE: This study investigated the association of obesity with metabolic and clinical variables and inactivity in post-pubertal adolescents attending public schools in São Paulo City. METHODS: This was a case-control study with 128 obese adolescents (body mass indices >the 95th percentile, and 151 normal weight adolescents (body mass indices between the 5th and 85th percentiles. Physical examination and biochemical and body composition assessments were done. A pretested questionnaire was administered, generating an inactivity score. Analysis

  10. Uso de tabaco e perfil lipídico-lipoprotéico plasmático em adolescentes Tobacco use and plasma lipid-lipoprotein profile in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dartagnan Pinto Guedes

    2007-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar o impacto quanto ao uso de tabaco no perfil lipídico-lipoprotéico plasmático em amostra representativa de adolescentes. MÉTODOS: A amostra foi constituída por 452 sujeitos (246 moças e 206 rapazes com idades entre 15 e 18 anos. Os participantes completaram questionário estruturado auto-administrado com relação ao uso de tabaco. As concentrações de lipídeos-lipoproteínas plasmáticas foram estabelecidas mediante procedimentos laboratoriais. Os procedimentos da análise de covariância, controlando a participação da ingestão de gordura saturada e de colesterol dietético, foram empregados para identificar as diferenças entre os valores médios. As estimativas de odds ratio foram utilizadas para estabelecer o risco relativo dos adolescentes fumantes apresentarem perfil lipídico-lipoprotéico de risco aterogênico. RESULTADOS: A proporção de fumantes foi de 20,9% entre os rapazes e 15,4% entre as moças. O consumo médio de cigarros por dia foi de 9,2 ± 4,7 nos rapazes e 5,6 ± 3,1 nas moças. Quando comparados com não fumantes, rapazes e moças fumantes apresentaram níveis séricos de colesterol total, LDL-colesterol, triglicerídeos e apolipoproteína B100 significativamente mais elevados, e níveis séricos de HDL-colesterol significativamente menores. Adolescentes fumantes tenderam a demonstrar risco de níveis de lipídeos-lipoproteinas plasmáticas alterados duas vezes maior que não fumantes. CONCLUSÃO: Intervenções direcionadas à adoção de um estilo de vida saudável, incluindo abstenção do uso de tabaco, deverão iniciar-se em idades precoces na tentativa de prevenir ou retardar o desenvolvimento de lesões ateroscleróticas e minimizar o aparecimento de coronariopatias prematuras na idade adulta.OBJECTIVE: To analyze the impact of tobacco use on plasma lipid lipoprotein profile in representative sample of adolescents. METHODS: A sample of 452 subjects (246 girls and 206 boys 15 to 18 years

  11. Metodologia para prevenir exposição ao mercúrio em adolescentes de garimpos de ouro em Mariana, Minas Gerais, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Volney de M. Câmara

    Full Text Available O principal objetivo deste estudo foi promover a avaliação de uma metodologia educativa para identificar e refletir, criticamente, sobre os riscos à saúde de adolescentes causados pelo trabalho em garimpos de ouro. O projeto foi realizado com adolescentes que estudavam na Escola Estadual Cônego Braga do Distrito de Monsenhor Horta, Município de Mariana, Minas Gerais, Brasil. A avaliação dos resultados através de testes estatísticos revelou um significativo acréscimo de respostas corretas da primeira para a última fase sobre a definição de acidentes de trabalho e sua equiparação com as doenças do trabalho, os acidentes de trajeto e as agressões no local de trabalho.

  12. Adolescentes travestis e transexuais em conflito com a lei: a emergência de novas reivindicações

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camila Silva Nicácio

    2016-12-01

    Full Text Available O reconhecimento da identidade de gênero de adolescentes travestis e transexuais, no âmbito do sistema socioeducativo, aponta para a emergência e consolidação de direitos antes não reconhecidos no cenário brasileiro. Recentes e inéditas decisões do sistema de justiça infanto-juvenil do país têm inaugurado novos desafios e perspectivas de acautelamento consoantes com as especificidades que permeiam a experiência social vivenciada por esse público. Nesse sentido, os extratos do diário de campo aqui apresentados visam apresentar alguns dos impactos gerados pelo acautelamento de uma adolescente travesti em centro de internação para adolescentes do gênero feminino, bem como o percurso para a implementação de tal medida, inédita no Estado de Minas Gerais. 

  13. El rendimiento académico de adolescentes de 2º ciclo de ESO: Diferencias entre deportistas y no-deportistas

    OpenAIRE

    Capdevila Seder, Ana

    2013-01-01

    El rendimiento académico durante la adolescencia es un tema que preocupa a docentes, padres, madres, investigadores, etc. Del mismo modo, un estilo de vida sedentario, propio de la sociedad moderna, está afectando cada vez más a la población infantil y adolescente, causando, entre otras, enfermedades y dolencias cardiorrespiratorias propias del adulto. Durante la adolescencia, el abandono deportivo se produce de forma masiva y la principal causa se centra en la falta de tiempo para compaginar...

  14. Relación entre Ansiedad Rasgo, Sensibilidad a la Ansiedad y Síntomas de Ansiedad en Niños y Adolescentes

    OpenAIRE

    Fernández-Valdés, José

    2016-01-01

    Sabemos que la ausencia de diagnóstico en la etapa infantil y adolescente de los trastornos de ansiedad favorece que los síntomas se vuelvan crónicos y muchos autores refieren la frecuencia de comorbilidad de síntomas en estas etapas a diferencia de lo que sucede en los adultos lo que dificulta la delimitación psicopatológica de los trastornos de ansiedad. Con un índice de prevalencia de dichos trastornos de ansiedad en la infancia y adolescencia que según autores oscila entre el 15% y 20% y ...

  15. La práctica de actividad física entre los adolescentes de las escuelas públicas del estado en Fortaleza (Brasil)

    OpenAIRE

    Marta Maria Coelho Damasceno; Roberto Wagner Junior Freire de Freitas; Ana Roberta Vilarouca da Silva; Paulo César de Almeida; Miguel Nasser Hissa

    2009-01-01

    El objetivo del estudio fue el de conocer los hábitos cotidianos, relacionados a la práctica de actividad física, mostrados por adolescentes de escuelas públicas de Fortaleza – Brasil. Estudio transversal en el cual participaron 720 estudiantes pertenecientes a doce escuelas públicas estatales, cuya edad variaba entre 14 y 19 años y de ambos sexos. Los datos se recogieron durante los meses de febrero y marzo de 2006, a través de entrevista estructurada. Además, se verificó peso y altura y se ...

  16. Distúrbios alimentares e sua associação com erosão e cárie dentária em adolescentes

    OpenAIRE

    Brandt, Lorenna Mendes Temóteo

    2015-01-01

    Os prejuízos na saúde bucal de indivíduos portadores de distúrbios alimentares vêm sendo investigados, trazendo consigo questões discordantes quanto ao comprometimento dos dentes. Diante disso, realizou-se um estudo transversal controlado, com o objetivo de avaliar a ocorrência de erosão e cárie dentária em adolescentes mulheres, de 15 a 18 anos, em risco de estarem sofrendo de distúrbios alimentares e compará-las a adolescentes saudáveis. A amostra probabilística foi compos...

  17. Motivos e prevalência de insatisfação com a imagem corporal em adolescentes Reasons and prevalence of body image dissatisfaction in adolescents

    OpenAIRE

    Edio Luiz Petroski; Andreia Pelegrini; Maria Fátima Glaner

    2012-01-01

    OBJETIVO: Verificar os motivos e a prevalência de insatisfação com a imagem corporal (IC) em adolescentes. Métodos: Participaram do estudo 641 adolescentes de 11 a 17 anos. A imagem corporal foi autoavaliada através da escala de nove silhuetas corporais. Resultados: A prevalência de insatisfação com a IC foi de 60,4% (masculino = 54,5%, feminino = 65,7%; p < 0,05). Os rapazes (26,4%) apresentaram maior desejo em aumentar o tamanho da silhueta corporal, enquanto as moças (52,4%) desejavam dimi...

  18. A violência urbana contra crianças e adolescentes em Belo Horizonte: uma história contada através dos traumas maxilofaciais

    OpenAIRE

    Silva,Carlos José de Paula; Ferreira,Efigênia Ferreira e; Paula,Liliam Pacheco Pinto de; Naves,Marcelo Drummond; Vargas,Andreia Maria Duarte; Zarzar,Patricia Maria Pereira Araujo

    2011-01-01

    Os traumas maxilofaciais decorrentes da violência contra crianças e adolescentes impactam suas vidas, física e psiquicamente, pelas deformidades que podem provocar e pela exposição da lesão na face das vítimas. O objetivo deste trabalho é identificar a prevalência dos traumas maxilofaciais em crianças e adolescentes decorrentes da violência urbana em Belo Horizonte- Brasil. O estudo foi conduzido no Hospital Municipal Odilon Behrens, único hospital municipal de referência nesse tipo de atendi...

  19. Níveis séricos de homocisteína em crianças e adolescentes com comprometimento da saúde óssea

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Petra Rehackova

    2013-12-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Foi documentada uma associação entre níveis séricos elevados de homocisteína (S-Hci e baixa densidade mineral óssea (DMO e aumento do risco de fratura em mulheres na pós-menopausa. São escassos os dados concernentes à S-Hci e à saúde óssea em crianças. OBJETIVO: Avaliar S-Hci em crianças e adolescentes com comprometimento da saúde óssea e procurar por relações com dados clínicos e laboratoriais. PACIENTES E MÉTODOS: Avaliamos os níveis de S-Hci em 37 crianças e adolescentes (22 meninos e 15 meninas; média de idade, 13,9 ± 3,5 anos com fraturas prevalentes por trauma de baixa energia (média 3,3 ± 2,3 por paciente e/ou baixa DMO espinhal/L1-L4 (escore Z abaixo de -2 DP; DXA Lunar GE. Também avaliamos S-ALP, CrossLaps sérico (S-Hci-CrossLaps, osteocalcina (S-OC, altura, peso corporal, índice de massa corporal (IMC e níveis séricos de folato e vitamina B12. Por ocasião da avaliação, as crianças não estavam tomando qualquer medicação que sabidamente influenciasse o metabolismo ósseo. Os parâmetros dependentes de idade foram expressos como escores Z ± DP. RESULTADOS: O escore Z para S-Hci foi significativamente mais alto (1,3 ± 1,5; P < 0,0001 e o escore Z de para DMO/L1-L4 foi significativamente mais baixo (-1,7 ± 1,3; P < 0,0001, respectivamente, em comparação com os valores de referência. S-ALP não diferiu dos valores de referência (P = 0,88, enquanto S-CrossLaps e S-osteocalcina foram mais elevados (1,2 ± 1,8 e 0,4 ± 0,5; P = 0,0001 e P = 0,001, respectivamente. S-Hci estava inversamente correlacionada com DMO/L1-L4 (r = -0,33; P = 0,05 e S-ALP (r = -0,36; P = 0,04 não tendo relação com o número de fraturas prevalentes (r = 0,01, S-osteocalcina (r = -0,22 ou S-CrossLaps (r = 0,003. CONCLUSÃO: Esses resultados sugerem aumento na remodelação óssea e uma influência negativa da S-Hci elevada na formação óssea e na DMO em crianças e adolescentes com fraturas recorrentes.

  20. Fatores de risco e de proteção em adolescentes vítimas de abuso sexual

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jeane Lessinger Borges

    2013-09-01

    Full Text Available Este artigo refere-se a uma pesquisa qualitativa que visou identificar os fatores de risco e de proteção em casos de abuso sexual na adolescência. Foram entrevistadas duas meninas adolescentes vítimas de abuso sexual, de um município do Interior do Rio Grande do Sul. Os dados das entrevistas foram analisados por meio da Análise de Conteúdo (Bardin, 1977. Em relação aos resultados, percebe-se uma presença maior de fatores de risco do que de fatores de proteção no momento atual de vida das adolescentes, o que merece uma atenção especial por parte dos serviços que atendem estes casos. Sugerem-se pesquisas referentes aos estudos relacionados à resiliência e aos aspectos positivos da vida do ser humano, em vítimas de abuso sexual, buscando fortalecer os aspectos saudáveis das vítimas e ajudá-las a reconstruir sua vida.

  1. Alterações das funções executivas em crianças e adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Natália Martins Dias

    2010-05-01

    Full Text Available Funções executivas constituem um conjunto de processos cognitivos que permitem a regulação da cognição e do comportamento, possibilitando o engajamento do indivíduo em ações complexas. Essas habilidades estão comprometidas em uma diversidade de condições clínicas e este artigo teórico teve como objetivo oferecer uma revisão não-sistemática de alguns quadros nos quais estas habilidades apresentam-se prejudicadas, sobretudo em crianças e adolescentes. Verificou-se que condições como transtorno do déficit de atenção e hiperatividade, transtorno obsessivo-compulsivo, síndrome de Tourette, transtornos globais do desenvolvimento, transtornos de aprendizagem como a dislexia e a discalculia, além de alterações cromossômicas, como a síndrome de Down e de Prader-Willi, cursam com algum grau de comprometimento do funcionamento executivo. Este conhecimento tem implicações à prática e à pesquisa psicológica e pode ser útil a profissionais que atuam com crianças e adolescentes com alguma destas condições, contribuindo a um maior conhecimento acerca das funções executivas e suas alterações.

  2. Violência comunitária e transtorno de estresse pós-traumático em crianças e adolescentes

    OpenAIRE

    Ximenes, Liana Furtado; Assis, Simone Gonçalves de; Pires, Thiago de Oliveira; Avanci, Joviana Quintes

    2013-01-01

    O presente estudo tem como objetivo analisar a associação entre exposição à violência comunitária e o Transtorno de Estresse Pós-Traumático (TEPT) segundo gênero e faixa etária entre crianças e adolescentes de escolas públicas de São Gonçalo/RJ. Participaram da análise deste artigo 399 crianças e adolescentes (idade média de 10,6 anos, DP=1,0). A prevalência total de sintomas de TEPT nas crianças e adolescentes é de 9,5%, sendo maior nas meninas (12,6%) do que nos meninos (6,5%). No modelo mu...

  3. A experiência de uma prática preventiva com adolescentes em situação de risco La experiencia de una práctica de prevención con adolescentes en riesgo The experience of a preventive practice with adolescents at risk

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paula Xavier Gums Mendes

    2010-09-01

    Full Text Available A prática assistencial aqui relatada teve como objetivo desenvolver com os adolescentes participantes oficinas de prevenção ao uso de drogas. Trata-se de uma prática assistencial que parte do conhecimento, da análise da realidade dos adolescentes, do desenvolvimento de estratégias e da síntese do conhecimento construído. As oficinas foram realizadas no período de dezembro de 2003 a fevereiro de 2004, com a participação de 10 adolescentes residentes na periferia de Florianópolis e considerados em situação de vulnerabilidade e risco social. Percebeu-se que eles, dentro do seu contexto social, vivem uma incongruência com a sua vida e infringem regras sociais, impossibilitando sua realização pessoal.La práctica de atención que se describe aquí tiene por objetivo desarrollar con los adolescentes que participaron de los talleres para prevenir el consumo de drogas. Se trata de una asistencia práctica a los conocimientos, el análisis de la realidad de los adolescentes, el desarrollo de estrategias y la síntesis de los conocimientos construidos. Los talleres se llevaron a cabo entre diciembre de 2003 y febrero de 2004 con la participación de 10 adolescentes que viven en los suburbios de Florianópolis y son considerados en situación de vulnerabilidad y riesgo social. Se percibió que en sus contextos sociales tenía un desajuste con sus vidas y ellos rompían las normas sociales, lo que imposibilitaba su realización personal.The practice care reported here aimed to develop the adolescents participating workshops to prevent the use of drugs. This is a practical assistance to the knowledge, analysis of the reality of adolescents, the development of strategies and the synthesis of knowledge built. The workshops were conducted from December 2003 to February 2004 with the participation of 10 adolescents living in the suburbs of Florianopolis and considered in a situation of vulnerability and social risk. They were perceived in its

  4. Prevalência de sobrepeso e obesidade em crianças e adolescentes de diferentes condições socioeconômicas Prevalence of overweight and obesity in children and adolescents of different socioeconomic conditions

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giselia Alves Pontes da Silva

    2005-03-01

    Full Text Available OBJETIVOS: comparar as prevalências de sobrepeso e obesidade em um grupo de pré-escolares, escolares e adolescentes de diferentes condições socioeconômicas na cidade do Recife. MÉTODOS: estudo do tipo transversal envolvendo uma amostra de 1616 crianças e adolescentes, escolhida por conveniência. Os indicadores nutricionais foram definidos conforme as recomendações do National Center of Health Statistics 2000, sendo considerado sobrepeso o índice de massa corporal igual ou superior ao percentil 85 e inferior ao percentil 95 e obesidade, o índice de massa corporal igual ou superior ao percentil 95. RESULTADOS: foi identificado sobrepeso em 234 (14,5% indivíduos e obesidade, em 134 (8,3%. A prevalência de sobrepeso foi maior nos pré-escolares (22,2%, observando-se redução progressiva da freqüência nas faixas etárias de escolar (12,9% e adolescente (10,8%. Constatou-se fato idêntico quanto à obesidade, detectada em 13,8% dos pré-escolares, 8,2% dos escolares e 4,9% dos adolescentes. O sobrepeso e a obesidade foram mais observados entre crianças e adolescentes de melhor condição socioeconômica. CONCLUSÕES: as prevalências de sobrepeso e obesidade diminuíram à medida que ocorreu aumento da faixa etária. Entre os pré-escolares observou-se prevalência de sobrepeso semelhante, independente das condições socioeconômicas. A prevalência da obesidade foi maior entre escolares de boas condições socioeconômicas e adolescentes de baixa condição socioeconômica.OBJECTIVES: to compare overweight and obesity in preschool children, school children and adolescents belonging to different socioeconomic conditions. METHODS: cross-sectional and based on a 1616 children and adolescents sample. Nutritional indicators were defined according to the National Center of Health Statistics 2000 recommendations, overweight being BMI equal to or above 85 percentile and below percentile 95; obesity indicator being defined with BMI equal to

  5. Plaqueta e leptina em adolescentes com obesidade Platelet and leptin in obese adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Denis Foschini

    2008-12-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Analisar a influência de obesidade na contagem de células imunológicas e na concentração dos hormônios cortisol e leptina, a fim de estabelecer uma relação entre as variáveis analisadas. MÉTODOS: Foram recrutados 27 adolescentes obesos [índice de massa corporal (IMC ≥ percentil 95[ e 21 não-obesos (IMC ≤ percentil 75, de ambos os sexos, com idade entre 15 e 19 anos, na fase pós-púbere. O IMC foi calculado através da divisão do peso pela altura ao quadrado e a composição corporal foi estimada por pletismografia no sistema Bod PodTM. Amostras de sangue foram colhidas para análise de leucócitos, neutrófilos, linfócitos, monócitos, plaquetas, cortisol e leptina. O teste de Kolmogorov-Smirnov foi utilizado, seguido pelo teste t de Student independente supondo distribuição normal. O nível de significância estabelecido foi p OBJECTIVE: To analyze the influence of obesity status on immune cell count and concentration of the hormones cortisol and leptin, in order to establish a relationship among the variables analyzed. METHODS: We recruited 27 obese [body mass index (BMI ≥ 95th percentile[ and 21 non-obese (BMI ≤ 75th percentile adolescent boys and girls, aged 15-19 years at the post-pubertal stage. BMI was calculated as body weight divided by height squared, and body composition was estimated by plethysmography in the Bod PodTM system. Blood samples were collected to analyze leukocytes, neutrophils, lymphocytes, monocytes, platelets, cortisol, and leptin. The Kolmogorov-Smirnov test was performed, followed by the independent Student t test in case of normal distribution. Significance values were set at p < 0.05 and expressed as means ± standard deviation. The statistical package SPSS for Windows version 12.0 was used. RESULTS: There was no difference between obese and non-obese adolescents in terms of leukocyte, neutrophil, lymphocyte, monocyte and cortisol serum concentrations. The group of obese

  6. Uma comparação do desenvolvimento moral de adolescentes entre duas décadas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pollyana Lucena Moreira

    2015-01-01

    Full Text Available Este estudio comparó la calidad del juicio moral de 222 adolescentes de 14 a 17 años, en 1996 y 2011. Como soporte teórico, se utilizó la Teoría del desarrollo moral de Kohlberg. Se aplicó, como medida del juicio moral, el Defining Issues Test. Los resultados indicaron que las etapas 3, 4 y 5 fueron dominantes en el juicio moral de los adolescentes en la muestra total, y que la media del Etapa 4 fue superior a las medias de las otras etapas. Una comparación del juicio postconvencional (Etapa 5 mostró que la media de esta etapa, para los adolescentes en 2011, fue superior y significativamente diferente ( p < 0,001; d = 0,30 de la media de esta etapa para los adolescentes en 1996. Las diferencias encontradas en este estudio, especialmente acerca del uso de juicios de la Etapa 5 para los adolescentes en 2011, fueron atribui- das al cambio en la política educativa de la escuela secundaria, producida en 1996, por medio de la Ley Nº 9394, que estableció las directrices y bases de la Educación Nacional - LDB.

  7. Estilos de vida na adolescência: comportamento sexual dos adolescentes portugueses

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Margarida da Silva Reis dos Santos Ferreira

    2011-06-01

    Full Text Available Estudos recentes têm demonstrado que actualmente os adolescentes iniciam a vida sexual cada vez mais cedo, sem contudo possuírem uma educação sexual consistente. Os objectivos deste estudo foram analisar o comportamento sexual de adolescentes do ensino secundário e identificar os hábitos de vigilância de saúde sexual em adolescentes, do ensino secundário, sexualmente activos. Realizou-se um estudo exploratório em que participaram 680 adolescentes, com idades entre 15 e 19 anos. Os resultados evidenciam que a maioria dos inquiridos ainda não iniciou a actividade sexual; são os rapazes os que mais reportam já ter tido relações sexuais; o preservativo não é um método utilizado por todos os adolescentes nas suas relações sexuais; a maioria dos adolescentes não faz vigilância de saúde sexual. É importante que os adolescentes sexualmente activos recebam cuidados de saúde e aconselhamento. As instituições de saúde e os seus profissionais necessitam de ser pró-activos tentando captar os adolescentes.

  8. Sleep terrors antecedent is common in adolescents with migraine O antecedente de terror noturno é frequente em adolescentes com migrânea

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Libânia Melo Nunes Fialho

    2013-02-01

    Full Text Available Migraines and sleep terrors (STs are highly prevalent disorders with striking similarities. The aim of this study was to evaluate the effect of the antecedent of STs by comparing adolescents suffering from migraines with healthy controls in a large consecutive series. METHODS: All patients were subjected to a detailed headache questionnaire and were instructed to keep a headache diary during a two-month period. The age range was 10 to 19 years. The diagnosis of STs was defined according to the International Classification of Sleep Disorders. RESULTS: A total of 158 participants were evaluated. Of these participants, 50 suffered from episodic migraines (EMs, 57 had chronic migraines (CMs and 51 were control subjects (CG. Participants who had a history of STs had significantly more migraines than participants who did not. CONCLUSIONS: Migraine is strongly associated with a history of STs in the adolescent population independent of demographics and pain intensity.Migrânea e terror noturno (TN são transtornos de alta prevalência que compartilham muitas similaridades. O objetivo desse estudo foi avaliar a ocorrência do antecedente de TN, comparando adolescentes com migrânea e adolescentes saudáveis. Métodos: Todos os pacientes foram submetidos a um questionário detalhado sobre sua cefaleia e foram instruídos a preencher um diário durante um período de dois meses. A idade dos sujeitos variou entre 10 e 19 anos. O diagnóstico de TN foi definido de acordo com a Classificação Internacional dos Transtornos do Sono. Resultados: Foram avaliados 158 sujeitos. Desses indivíduos, 50 apresentavam migrânea episódica, 57 migrânea crônica e 51 eram controles. Participantes que tinham o antecedente de TN apresentavam significativamente mais crises de migrânea do que aqueles que não tinham. Conclusões: Migrânea esteve fortemente associada ao antecedente de TN na população de adolescentes independentemente de variáveis demográficas e

  9. Sleep terrors antecedent is common in adolescents with migraine O antecedente de terror noturno é frequente em adolescentes com migrânea

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Libânia Melo Nunes Fialho

    2013-01-01

    Full Text Available Migraines and sleep terrors (STs are highly prevalent disorders with striking similarities. The aim of this study was to evaluate the effect of the antecedent of STs by comparing adolescents suffering from migraines with healthy controls in a large consecutive series. METHODS: All patients were subjected to a detailed headache questionnaire and were instructed to keep a headache diary during a two-month period. The age range was 10 to 19 years. The diagnosis of STs was defined according to the International Classification of Sleep Disorders. RESULTS: A total of 158 participants were evaluated. Of these participants, 50 suffered from episodic migraines (EMs, 57 had chronic migraines (CMs and 51 were control subjects (CG. Participants who had a history of STs had significantly more migraines than participants who did not. CONCLUSIONS: Migraine is strongly associated with a history of STs in the adolescent population independent of demographics and pain intensity.Migrânea e terror noturno (TN são transtornos de alta prevalência que compartilham muitas similaridades. O objetivo desse estudo foi avaliar a ocorrência do antecedente de TN, comparando adolescentes com migrânea e adolescentes saudáveis. Métodos: Todos os pacientes foram submetidos a um questionário detalhado sobre sua cefaleia e foram instruídos a preencher um diário durante um período de dois meses. A idade dos sujeitos variou entre 10 e 19 anos. O diagnóstico de TN foi definido de acordo com a Classificação Internacional dos Transtornos do Sono. Resultados: Foram avaliados 158 sujeitos. Desses indivíduos, 50 apresentavam migrânea episódica, 57 migrânea crônica e 51 eram controles. Participantes que tinham o antecedente de TN apresentavam significativamente mais crises de migrânea do que aqueles que não tinham. Conclusões: Migrânea esteve fortemente associada ao antecedente de TN na população de adolescentes independentemente de variáveis demográficas e

  10. Adolescentes em sofrimento psíquico e a política de saúde mental infanto-juvenil Adolescentes en sufrimiento psíquico y la política de salud mental infanto-juvenil Adolescents in psychological distress and mental health policy for children and youth

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Danielle Christine Moura dos Santos

    2011-01-01

    Full Text Available O presente estudo é uma revisão de literatura dos artigos publicados a respeito da saúde mental de adolescentes no Brasil, entre janeiro de 2005 e abril de 2010. Os unitermos utilizados nos sites LILACS e SciELO foram: saúde mental, adolescentes, cuidado e produção do cuidado. Foram analisados 35 artigos, empregando-se a técnica de análise do conteúdo. Os estudos mostrarem ser indispensável reconhecer que o adolescente em sofrimento psíquico é um sujeito e que vive em um contexto subjetivo. Desta forma, as propostas de transformação não terão o alcance necessário às necessidades e demandas desses indivíduos sem uma articulação efetiva entre os diversos setores, trabalhadores de saúde, usuários e família. Neste debate, ainda são poucas as publicações que abordam as novas experiências, o redimensionamento do ato clínico, a clínica ampliada ou a produção do cuidado na atenção à saúde mental destes sujeitos.El presente estudio es una revisión de la literatura de los artículos publicados respecto a la salud mental de adolescentes en Brasil, entre enero del 2005 y abril del 2010. Las palabras clave utilizadas en los sites LILACS y SciELO fueron: salud mental, adolescentes, cuidado y producción del cuidado. Fueron analizados 35 artículos, empleándose la técnica de análisis de contenido. Los estudios mostraron que es indispensable reconocer que el adolescente en sufrimiento psíquico es un sujeto y que vive en un contexto subjetivo. De esta forma, las propuestas de transformación no tendrán el alcance necesario a las necesidades y demandas de estos individuos sin una articulación efectiva entre los diversos sectores, trabajadores de salud, usuarios y familia. En este debate, aun son pocas las publicaciones que abordan las nuevas experiencias, el redimensionamiento del acto clínico, la clínica ampliada o la producción del cuidado en la atención a la salud mental de estos sujetos.This study is a literature

  11. Configuração familiar, género e coping em adolescentes: papel dos pares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mónica Costa

    2012-12-01

    Full Text Available Relações interpessoais estabelecidas no contexto de institucionalização, nomeadamente com os pares, são fontes relevantes de suporte emocional e facilitador do processo adaptativo na fase de transição para a adultícia. O objectivo do presente estudo prende-se com a análise da qualidade da ligação de adolescentes aos pares e do seu efeito preditor nas estratégias de coping dos jovens. Pretende-se ainda testar o papel moderador da configuração familiar e do género na associação entre a ligação aos pares e as estratégias de coping. A amostra é composta por 311 adolescentes, 145 institucionalizados e 166 de famílias tradicionais, entre os 14 e os 18 anos, de ambos os géneros. A recolha de dados foi realizada através da Rosenberg Self-esteem Scale (Rosenberg, 1965, Inventory of Peer and Parental Attachment (Armsden & Greenberg, 1987 e o COPE Inventory (Carver, Weintraub & Scheider, 1989. Os resultados sugerem que a qualidade da ligação aos pares se mostra relevante na predição das estratégias de coping adaptativas (coping activo e uso de suporte social emocional.

  12. Preditores não invasivos de varizes esofágicas em crianças e adolescentes com hepatopatia crônica ou obstrução extra-hepática da veia porta

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberta V. Alcantara

    2012-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar preditores não invasivos de varizes esofágicas em crianças e adolescentes com hepatopatia crônica ou obstrução extra-hepática da veia porta. PACIENTES E MÉTODOS: Estudo transversal que incluiu 53 crianças e adolescentes com hepatopatia crônica ou obstrução extra-hepática da veia porta, sem antecedente de hemorragia digestiva ou tratamento de varizes esofágicas, com até 20 anos de idade. Dois grupos foram formados: grupo I (35 pacientes com hepatopatia crônica e grupo II (18 com obstrução extra-hepática da veia porta. Foram realizados hemograma, razão normalizada internacional, albumina, bilirrubina total, ultrassonografia de abdome e endoscopia digestiva alta. O índice esplênico foi determinado dividindo a dimensão esplênica pelo valor do limite superior da normalidade. As variáveis foram comparadas quanto à presença ou não de varizes esofágicas através de análise univariada (testes qui-quadrado, exato de Fischer e de Wilcoxon e multivariada (regressão logística. A acurácia foi determinada a partir da área sob a curva ROC. RESULTADOS: As varizes esofágicas foram observadas em 48,5% dos pacientes do grupo I e em 83,3% do grupo II. Plaquetopenia (p = 0,0015, esplenomegalia (p = 0,0003 e a razão plaquetas/índice esplênico (p = 0,0007 se mostraram indicadores preditivos de varizes esofágicas entre os pacientes do grupo I. Após análise multivariada, a plaquetopenia (odds ratio = 21,7 se manteve como um indicador independente da presença de varizes esofágicas entre os pacientes com hepatopatia crônica. CONCLUSÃO: O número de plaquetas, o índice esplênico e a razão plaquetas/índice esplênico se mostraram preditivos de varizes esofágicas em crianças e adolescentes com hepatopatia crônica. Não foram encontrados preditores de varizes esofágicas entre os pacientes com obstrução extra-hepática da veia porta.

  13. Embarazo adolescente en el noroeste de México: entre la tradición y la modernidad

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guillermo Núñez Noriega

    2012-01-01

    Full Text Available Se presentan los resultados de una investigación cuyo objetivo fue conocer las concepciones en torno al embarazo adolescente en una comunidad específica, así como la discriminación que ésta ejerce contra las adolescentes embarazadas. La conclusión fue que las prácticas discriminatorias en esa comunidad son el resultado de un conjunto de valoraciones, concepciones, actitudes y expectativas contradictorias, tanto tradicionales como modernas, que se van desarrollando en torno a las adolescentes, su sexualidad y su identidad genérica y generacional. La investigación nos permite asomarnos al proceso de transformación sociocultural de las comunidades rurales de México.

  14. Efeitos do tiotixene (P-4657 B em crianças e adolescentes psicóticos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edy S. Navarro

    1968-12-01

    Full Text Available Foram estudados os efeitos do tiotixene (P-4657B em 34 crianças e adolescentes psicóticos dos quais '29 eram esquizofrênicos, tendo 17 deles menos de um ano de tempo de doença e 12 mais de um ano de doença. Foram obtidos bons resultados em 20 casos com nítida melhora na sintomatologia psíquica. Os efeitos colaterais foram de pequena intensidade. Os exames subsidiários (hemograma, provas de função hepática e eletrencefalograma não revelaram alterações significativas. Assim o tietixene confirmou sua atividade antipsicótica não só nos casos em que foi o primeiro tratamento instituído como também em alguns pacientes que tinham sido tratados com outras drogas antipsicóticas sem resultados satisfatórios. Foi assinalado efeito nítido sobre o apragmatismo e o embotamento afetivo. Ocorreu ação sedativa nas agitações psicomotoras devendo-se salientar que o resultado positivo se fez quase sempre sentir com dose mínima (5 — 10 mg/dia já nos primeiros dias de tratamento. Foi ótima a tolerância ao medicamento. Os efeitos colaterais foram mínimos. Sendo a esquizofrenia em crianças e adolescentes de difícil tratamento, a existência desta nova droga é, na opinião dos autores, uma util contribuição para sua terapêutica.

  15. Relação entre violência física, consumo de álcool e outras drogas e bullying entre adolescentes escolares brasileiros Association between physical violence, consumption of alcohol and other drugs, and bullying among Brazilian adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvania Suely Caribé de Araújo Andrade

    2012-09-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi identificar a associação entre o consumo de álcool e outras drogas e o bullying com o envolvimento em situações de violência física entre adolescentes de 13 a 15 anos, em escolas públicas e privadas das capitais brasileiras e do Distrito Federal. Foram analisados os dados da Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (PeNSE de 2009. Para análise dos dados foi utilizada a regressão logística. A prevalência de envolvimento em situações de violência física foi 12,9% maior no sexo masculino. Em ambos os sexos, foram observadas associações entre violência física e ser vítima de bullying com o uso de drogas ilícitas e efeito potencializado do consumo de álcool e drogas. Para o sexo masculino, o uso de álcool mostrou associação significante com violência física. Morar o pai ou ambos os genitores na residência apresentou associação inversa para violência física no sexo feminino. O conhecimento de fatores associados à violência física entre adolescentes é importante para auxiliar estratégias de promoção da saúde e da cultura de paz, rompendo com a ideia de que a violência entre adolescentes é algo banal e esperado.This study aimed to identify the association between alcohol and drug consumption and bullying on the one hand and involvement in situations of physical violence among adolescents 13 to 15 years in public and private schools in State capitals and the Federal District of Brazil. The study analyzed data from the National School Health Survey (PeNSE for the year 2009. Data analysis used logistic regression. Prevalence of involvement in physical violence was 12.9% more common in boys than girls. Both genders showed associations between physical violence or being a victim of bullying and use of illegal drugs, plus the heightened effect of the combined consumption of alcohol and other drugs. In boys, alcohol consumption showed a significant association with physical violence. Having

  16. Actitudes, percepciones y uso de Internet y las redes sociales entre los adolescentes de la comunidad gallega (España

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Rial

    2014-05-01

    Full Text Available Investigadores e instituciones han venido mostrando en los últimos años una creciente preocupación por el uso de Internet entre los adolescentes. Su impacto a nivel psicológico y conductual se traduce a menudo en la aparición de conductas de riesgo, fracaso escolar y problemas familiares. Habida cuenta del interés que el tema despierta a diferentes niveles, este trabajo se plantea con una doble intención: (1 disponer de datos que permitan conocer desde un punto de vista descriptivo cuáles son las actitudes, percepciones y hábitos de uso de Internet y las redes sociales entre los adolescentes y, (2 profundizar en su comprensión, contribuyendo así al diseño de estrategias que favorezcan un uso más racional y saludable de la Red. Sobre una encuesta a la población de escolares de Enseñanza Secundaria Obligatoria de la comunidad gallega, en la que participaron un total de 2339 individuos, los resultados obtenidos permiten constatar el alto grado de implantación de Internet en la población objeto de estudio y calibrar con datos empíricos la magnitud del problema. A pesar de que las cifras obtenidas no justifican una actitud alarmista, sí advierten de la necesidad de poner en marcha planes de acción concretos de manera inmediata.

  17. Medidas socioeducativas em meio aberto em Guaíba: entre pressupostos e significados

    OpenAIRE

    Jacques, Luciana Gomes de Lima

    2015-01-01

    No presente estudo, do tipo descritivo e exploratório, de natureza qualitativa, fundamentado no método dialético-crítico, discorre-se sobre os aspectos de proximidade e de distanciamento entre os pressupostos da socioeducação no Sistema Único de Assistência Social (SUAS) e no Sistema Nacional Socioeducativo (SINASE), e analisam-se os significados atribuídos às Medidas Socioeducativas em Meio Aberto (MSE-MA) pelos sujeitos que a protagonizam e/ou que participaram de seu processo de municipaliz...

  18. Validade de indicadores de atividade física e comportamento sedentário da Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar entre adolescentes do Rio de Janeiro, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Letícia Ferreira Tavares

    2014-09-01

    Full Text Available Analisou-se a validade relativa dos indicadores de atividade física do questionário utilizado na Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (PeNSE entre adolescentes da cidade do Rio de Janeiro, Brasil. Foram estudados 174 alunos. Avaliaram-se os seguintes indicadores referentes ao tempo semanal acumulado com a prática de atividade física: ATIVO-300MIN (acumulou 300 minutos ou mais; ATIVO-150MIN (acumulou 150 minutos ou mais; INATIVO (não praticou atividade física. Também foram estudados os indicadores de comportamento sedentário referentes ao tempo diário despendido assistindo TV, jogando videogame e usando computador. Foram comparados os resultados do questionário e dos três recordatórios de 24 horas. Os resultados de ATIVO-300MIN, ATIVO-150MIN e INATIVO gerados pela PeNSE apresentaram alta acurácia. Esses indicadores tiveram melhor desempenho que os de comportamento sedentário, tanto em relação às estimativas de frequência quanto em relação à sensibilidade, especificidade e índice de acurácia. Os indicadores de atividade física da PeNSE apresentaram validade relativa satisfatória.

  19. Homicídios entre adolescentes no Sul do Brasil: situações de vulnerabilidade segundo seus familiares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sant'Anna Ana

    2005-01-01

    Full Text Available Os autores apresentam um estudo sobre homicídios de jovens, entre 10 e 19 anos, ocorridos no ano de 1997, em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil. A fonte de dados foi o Sistema de Informação sobre Mortalidade, da Secretaria Municipal da Saúde. A partir do endereço registrado na Declaração de Óbito, as famílias desses jovens foram visitadas e entrevistadas. Dos 68 casos selecionados, foi possível entrevistar 57 famílias, tendo ocorrido oito recusas e três endereços não localizados. Os resultados mostraram que os jovens encontravam-se em situação de vulnerabilidade social, indicada pelo alto abandono (78,9% escolar e a baixa renda per capita e escolaridade dos pais. Apresentavam também situações de vulnerabilidade relacionadas ao gênero, com predomínio de mortes entre o sexo masculino (91,2%, e ao comportamento, sendo que 40,4% consumiam bebidas alcoólicas, 45,6% drogas ilícitas e 58,6% apresentavam história de antecedentes criminais, passagem na Fundação Estadual do Bem-Estar do Menor ou polícia. O estudo aponta para a importância de ações intersetoriais dirigidas ao jovem dentro de sua família, escola e comunidade, como uma resposta às vulnerabilidades programáticas, sociais e individuais as quais o jovem encontra-se exposto.

  20. Metabolic syndrome in obese adolescents: what is enough? Síndrome metabólica em adolescentes obesos: o que é suficiente?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leticia Esposito Sewaybricker

    2013-02-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To study the agreement among three distinct criteria for metabolic syndrome (MS adapted to adolescents, and to identify associated factors for MS. METHODS: Cross-sectional study with 65 obese subjects aged 10 to 18 years, attended to at the Outpatient Clinic for Obese Children and Adolescents at the Clinical Hospital of the Universidade Estadual de Campinas (Unicamp. MS was defined using the criteria of the World Health Organization (WHO, the International Diabetes Federation (IDF, and the Adult Treatment Panel III (ATP III. Clinical, anthropometrical, and laboratorial data were associated to MS. RESULTS: From the 65 subjects, none had MS according to the WHO criteria, while 18 were diagnosed with MS (27.6% according to the IDF, and 19 (29.2% according to the ATP III. Agreement between IDF and ATP III was excellent (kappa 81%. In this study, puberty and triglycerides levels showed significant statistical difference when comparing subjects with and without MS, the first for ATP III (p = 0.03, and the second for IDF (p = 0.005 and ATP III (p = 0.001 criteria. CONCLUSION: The WHO criteria does not seem to be adequate for adolescents. IDF and ATP III criteria had an excellent agreement. Puberty and triglycerides were associated with MS.OBJETIVO: Avaliar a correlação de três critérios de síndrome metabólica (SM para adolescentes e identificar fatores associados. MÉTODOS: Estudo transversal com 65 pacientes obesos entre 10 e 18 anos do Ambulatório de Crianças e Adolescentes Obesos do HC-Unicamp. SM foi definida de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS, International Diabetes Federation (IDF e Adult Treatment Panel III (ATP III. Buscaram-se fatores associados a SM em dados clínicos, antropométricos e laboratoriais. RESULTADOS: Dos 65 pacientes, nenhum foi diagnosticado como SM pela OMS, sendo 18 (27.6% pelo IDF e 19 (29.2% pelo ATP III. A correlação entre IDF e ATP III foi excelente (kappa 81%. Neste estudo, a

  1. Desafios Diagnósticos na Síndrome da Taquicardia Postural Ortostática (POTS em uma Adolescente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jalles Dantas Lucena

    2017-10-01

    Full Text Available Dificuldades no diagnóstico de Síndrome da Taquicardia Postural Ortostática (POTS numa adolescente de 16 anos, com hipotireoidismo a 10 anos, apresenta sudorese, palidez, calor, taquicardia, fadiga e tontura. Após seis meses, houve recidiva pós-prandial, revertida com manobra de Trendelenburg. Tilt Test demonstrou em decúbito dorsal pressão arterial (PA 106/71mmHg e frequência cardíaca (FC 72bpm. Após terceiro minuto, PA 101/70mmHg e FC 99bpm. Além hipotireoidismo, não detectou-se outros fatores de risco para disautonomia. Propranolol (10mg, 12/12h controlou sintomas. Diagnóstico de POTS é difícil em adolescentes, confundindo com Epilepsia e Síncope Neurocardiogênica. Nesse caso, hipotireoidismo parece ser fator causal da POTS.

  2. Conhecimento objetivo e percebido sobre contraceptivos hormonais orais entre adolescentes com antecedentes gestacionais Objective and perceived knowledge of oral contraceptive methods among adolescent mothers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Michelle Chintia Rodrigues de Sousa

    2009-03-01

    Full Text Available A elevada freqüência de gestação precoce no Brasil e, particularmente, em Teresina (21,5%, Piauí, motivou o presente estudo, cuja meta foi identificar os níveis de conhecimento objetivo e percebido sobre contraceptivos hormonais orais, bem como variáveis reprodutivas e sócio-demográficas preditoras de elevado conhecimento. Realizou-se estudo transversal com 278 adolescentes com idade de 15 a 19 anos de idade, com antecedentes reprodutivos, internadas em quatro maternidades de Teresina, em 2006. Regressão logística foi a base da análise estatística. Quase 98% das adolescentes apresentaram baixo conhecimento tanto objetivo quanto percebido. Apenas o maior número de gestações foi preditor de elevado conhecimento objetivo para anticoncepcionais orais. Os baixos níveis de conhecimento objetivo e percebido das adolescentes sobre o uso de anticoncepcionais orais revelam a suscetibilidade das jovens ao comportamento sexual de risco. Sugere-se a utilização de abordagem mais interativa com os adolescentes para elevar o nível de conhecimento tanto objetivo quanto percebido deles, e assim reduzir a incidência e reincidência da gravidez indesejada na adolescência e suas conseqüências negativas na vida destas jovens e de sua prole.The high rate of early pregnancy in Brazil and particularly in Teresina (21.5%, Piauí State, motivated the current study, the aim of which was to identify levels of objective and perceived knowledge on oral contraceptives, as well as predictive reproductive and socio-demographic variables for high knowledge. A cross-sectional study was performed including 278 teenage mothers (15-19 years, with their childbearing history, admitted to four maternity hospitals in Teresina in 2006. Logistic regression provided the basis for the statistical analysis. Nearly 98% of the adolescent mothers showed low objective and perceived knowledge of oral contraceptives. High parity was the only predictor of increased objective

  3. Relação entre o consumo de açúcares de adição e a adequação da dieta de adolescentes residentes no município de São Paulo Relationship between the intake of added sugars and dietary adequacy in adolescents from the municipality of São Paulo, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Carolina Almada Colucci

    2011-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a relação entre o consumo de açúcares de adição e a adequação do consumo de nutrientes e grupos alimentares em adolescentes residentes no município de São Paulo. MÉTODOS: Foram avaliados 793 adolescentes, provenientes de um estudo de base populacional, realizado em 2003. O consumo alimentar foi medido pelo recordatório de 24 horas, tendo sido aplicado método de ajuste por meio de subamostra de 195 indivíduos. O consumo de açúcares foi categorizado em adequado ou inadequado, quando ≤10% ou >10% do valor energético total da dieta, respectivamente. A adequação de ingestão de macronutrientes considerou intervalos de distribuição aceitável, e a prevalência de inadequação dos micronutrientes foi calculada pelo método Estimated Average Requirement como ponto de corte. O consumo mediano dos alimentos foi estimado além dos percentis 25 e 75. Foram utilizados testes de Qui-quadrado, Wald e mediana, com nível de significância de 5%. RESULTADOS: Identificou-se maior proporção de adolescentes com consumo adequado de carboidratos entre aqueles com maior ingestão de açúcares de adição. Todos os adolescentes apresentaram ingestão proteica dentro dos valores preconizados e verificou-se associação significativa entre a adequação de lipídeos e o consumo de açúcares de adição somente entre os adolescentes do sexo masculino. Maior porção mediana de leite, carnes, frutas, suco industrializado, refrigerante e achocolatado em pó foi identificada entre os adolescentes com consumo excessivo de açúcares de adição. CONCLUSÃO: O consumo excessivo de açúcares de adição se mostrou relacionado à menor adequação do consumo de nutrientes e à menor ingestão de alimentos de alta densidade nutritiva.OBJECTIVE: This study assessed the relationship between intake of added sugars and intake adequacy of nutrients and food groups in adolescents from São Paulo. METHODS: The study sample comprised 793

  4. Uso recente de álcool, tabaco e outras drogas entre estudantes adolescentes trabalhadores e não trabalhadores Recent use of alcohol, tobacco, and other drugs among working and nonworking adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Delma P. Oliveira de Souza

    2007-06-01

    Full Text Available Foi realizado um estudo transversal, de base populacional, para determinar a prevalência do uso recente de substâncias psicoativas em uma amostra probabilística de 798 adolescentes trabalhadores e de 1.493 não trabalhadores, matriculados na rede estadual de educação básica da área urbana de Cuiabá, Brasil. Um questionário de autopreenchimento foi aplicado em sala de aula, indagando sobre aspectos sociodemográficas, sociais e o consumo de substâncias psicoativas. Definiu-se uso recente como consumo realizado uma ou mais vezes nos trinta dias que antecederam à entrevista. A prevalência na amostra do uso recente de álcool, tabaco e outras drogas foi de 37,4%, 9,5% e 8,4%, respectivamente, sendo mais elevada entre os adolescentes trabalhadores do que entre os não trabalhadores (47,4% versus 32,1% RO = 1,91, IC95% 1,60-2,28; 13,6% versus 7,3% RO = 1,98, IC95% 1,49-2,63; 11,1% versus 6,9% RO = 1,68, IC95% 1,24-2,26. Na análise de regressão logística, o uso recente de álcool, tabaco e outras drogas manteve-se associado aos trabalhadores da faixa etária de 15-20 anos, do sexo masculino e baixo nível socioeconômico (C+D+E. Conclui-se que os resultados indicam que o uso recente de álcool, tabaco e outras drogas foi diferente entre os trabalhadores em comparação com os não trabalhadores, sugerindo que esses resultados podem orientar as ações articuladas de prevenção e tratamento à população adolescente.We carried out a cross-sectional, population-based study comparing the prevalence of recent psychoactive substance use in a probabilistic sample of 798 adolescent students that were also workers and of'1,493 that did not work. Students were enrolled in state Basic Education schools in the urban area of Cuiabá, Brazil. A self-administered questionnaire was completed by subjects in the classroom. This questionnaire included items on sociodemographic and school-related variables, as well as on the consumption of psychoactive

  5. Comportamento sexual e contracepção de emergência entre adolescentes de escolas públicas de Pernambuco, Brasil Sexual behavior and emergency contraception among adolescents from public schools in Pernambuco State, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Suely Peixoto de Araújo

    2009-03-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi investigar o conhecimento e o uso do contraceptivo de emergência em 4.210 adolescentes (14-19 anos da rede pública estadual de Pernambuco, Brasil. As informações foram coletadas pelo questionário Global School-Based Student Health Survey, previamente validado. Foi investigado o conhecimento, a freqüência e forma de uso do contraceptivo de emergência. As variáveis independentes foram divididas em sócio-demográficas e relacionadas ao comportamento sexual. A maioria dos adolescentes relatou conhecer e já ter recebido informações sobre o método, entretanto dentre os que já utilizaram apenas 22,1% o fez de forma correta. A análise ajustada de regressão evidenciou uma maior chance de conhecer o método entre as moças (OR = 5,03; IC95%: 1,72-14,69 e entre aqueles que já tiveram relação sexual (OR = 1,52; IC95%: 1,34-1,75, enquanto os residentes do interior possuem 68% menos chance. Em relação ao uso, os residentes do interior apresentam 1,68 (OR; IC95%: 1,09-2,25 mais chance de uso incorreto, enquanto as moças apresentam 71% menos chance. São necessárias ações de educação sexual e reprodutiva, sobretudo entre os rapazes e adolescentes do interior.This study focused on knowledge and use of emergency contraception among 4,210 adolescents (14-19 years enrolled in public schools in Pernambuco State, Brazil. Information was collected using the Global School-Based Student Health Survey, previously validated. Knowledge, frequency, and form of use of emergency contraception were investigated. Independent variables were classified as socio-demographic and those related to sexual behavior. Most adolescents reported knowing and having received information about the method, but among those who had already used it, only 22.1% had done so correctly. Adjusted regression analysis showed greater likelihood of knowledge about the method among girls (OR = 5.03; 95%CI: 1.72-14.69 and the sexually initiated (OR = 1

  6. Consumo de álcool e violência entre adolescentes argentinos Alcohol consumption and violence among Argentine adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariaelena Pierobon

    2013-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Este estudo investigou a associação entre álcool e violência na população de jovens argentinos. MÉTODOS: Dados da Global School-based Student Health Survey (GSHS de 2007, uma pesquisa representativa em termos nacionais com alunos do ensino médio, foram examinados utilizando-se modelos de regressão logística ajustados por idade. RESULTADOS: Dos 1328 alunos participantes entre 13 e 15 anos de idade, 51,9% declararam ter consumido álcool no último mês, com taxas mais elevadas entre meninos (p = 0,04 e alunos mais velhos (p OBJECTIVE: This study investigated the association between alcohol and violence among Argentine youth. METHODS: Data from the 2007 Argentina Global School-based Student Health Survey (GSHS, a nationally representative survey of middle school students, were examined using age-adjusted logistic regression models. RESULTS: Of the 1,328 participating students aged 13 to 15 years old, 51.9% reported drinking alcohol in the previous month, with higher rates among males (p = 0.04 and older students (p < 0.01. Both male and female drinkers were nearly twice as likely as non-drinkers to report being physically attacked, being in a physical fight, and having thoughts about self-directed violence. Among drinkers, those who reported poor mental health, were victims of bullying, used tobacco or drugs, or skipped school without permission were approximately twice as likely as other drinkers to have engaged in violent activities. CONCLUSION: Public health interventions targeting violence among young adolescents should be developed in combination with alcohol education programs.

  7. Avaliação da composição corporal em adolescentes obesos: o uso de dois diferentes métodos Evaluación de la composición corporal en adolescentes obesos: uso de dos metodos diferentes Body composition evaluation in obese adolescents: the use of two different methods

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marco Túlio de Mello

    2005-10-01

    Full Text Available A pletismografia é um método rápido e fácil para determinação da composição corporal que utiliza a relação inversa entre pressão e volume. O objetivo do presente estudo foi o de comparar os valores obtidos com o método pletismografia com os valores observados com o DEXA em uma população de adolescentes obesos. Participaram da amostra 88 adolescentes pós-púberes de ambos os sexos, com idades entre 15 e 19 anos (17,01 ± 1,6 ingressantes de um programa de atividade física multidisciplinar. Os voluntários foram submetidos a uma avaliação da composição corporal em dias distintos dentro da mesma semana, pelo método de pletismografia e outra avaliação pelo método DEXA. Quando os métodos foram comparados, não se observaram diferenças significativas entre eles; além disso, foram observadas correlações significativas entre os parâmetros comuns dos dois métodos (massa magra, massa gorda (kg e massa gorda (%, r = 0,88 p La pletismografía es un método rápido y fácil para la determinación de la composición corporal que utiliza la relación inversa entre la presión y el volumen. El objetivo del presente estudio fué el de comparar los valores obtenidos con el metodo pletismografia con los valores observados con el DEXA en una población de adolescentes obesos. Participaron de la muestra 80 adolescentes post púberes de ambos sexos, con edades entre los 15 y los 19 años (17,01±1,6 iniciantes en un programa de actividad física multidisciplinar. Los voluntarios fueron sometidos a una evaluación de la composición corporal en días distintos dentro de la misma semana, por el método de pletismografia y otra evaluación por el método DEXA. Cuando se compararon los métodos, no fueron observadas diferencias significativas entre ellos, además de ello, fueron observadas correlaciones entre los parámetros comunes a los dos métodos (masa magra, masa grasa (kg y masa gorda (%, r = 0,88 p Plethysmography is an easy and

  8. Aplicabilidade do mismatch negativity em crianças e adolescentes: uma revisão descritiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mirtes Bruckmann

    Full Text Available RESUMO O Mismatch Negativity (MMN é um potencial cortical que ocorre em resposta a uma mudança de um estímulo acústico em meio a uma sequência de repetidos estímulos, o que reflete a capacidade do cérebro em discriminar o som de modo passivo, ou seja, sem a necessidade de atenção do indivíduo ao estímulo sonoro. Diante disso, o objetivo deste estudo foi realizar uma revisão descritiva sobre o MMN, a fim de identificar a sua aplicabilidade em crianças e adolescentes nos últimos cinco anos. Para isso, realizou-se uma busca nas bases de dados Lilacs, SciELO, Medline e Pubmed utilizando os seguintes descritores: córtex auditivo, eletrofisiologia, potenciais evocados auditivos e as palavras Mismacth e Negativity. Nesta revisão, foram encontrados 14 estudos que avaliaram crianças e/ou adolescentes com dificuldade de articulação na fala, distúrbio específico de linguagem, transtorno do processamento auditivo, Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH, dislexia, autismo, risco para esquizofrenia, psicose, amusia, fenilcetonúria e atenção seletiva. Foi possível, assim, realizar a revisão descritiva sobre a aplicação do MMN em crianças e adolescentes, concluindo-se que, nos últimos cinco anos, houve uma produção considerável de artigos sobre o tema, embora no Brasil a presença de estudos a esse respeito ainda seja escassa. Nesse sentido, apesar de existir uma variedade de aplicações para o MMN, no que diz respeito à população brasileira, necessita-se ainda de evidências científicas que assegurem o efeito deste potencial nas diferentes faixas etárias. Verificou-se, também, que a busca por estudos sobre MMN nas bases de dados citadas pode ser realizada apenas utilizando as palavras Mismacth e Negativity.

  9. Violência vivenciada pelas adolescentes acolhidas em instituição de abrigamento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joana Iabrudi Carinhanha

    2012-01-01

    Full Text Available Teniendo en cuenta que las adolescentes abrigadas pueden tener una opinión diferente sobre el significado de la violencia, hemos tratado de identificar y comprender la experiencia de la violencia desde su perspectiva. La investigación cualitativa realizada a través de entrevistas con once adolescentes acogidas en un albergue municipal en Río de Janeiro, Brasil. En el análisis de sus discursos se ha utilizado la análisis de contenido y lo que salió fue la violencia vivida en los lugares donde circulan las adolescentes: familia, comunidad y abrigo. La comprensión de la violencia por parte de las adolescentes es puntual y bastante concreta. Tienen dificultad para concebir la complejidad del fenómeno, refiriéndose básicamente a la violencia en las familias y comunidad, que son tangibles. Los resultados apuntan a la necesidad de mayor discusión de los procesos de vulnerabilidad/desafiliación vividos por las adolescentes, y también las raíces y las repercusiones de este proceso.

  10. Instrumentação e conhecimento dos profissionais da equipe saúde da família sobre a notificação de maus-tratos em crianças e adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gracyelle Alves R. Moreira

    2013-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a instrumentação e o conhecimento dos profissionais da Equipe de Saúde da Família sobre a notificação de maus-tratos em crianças e adolescentes. MÉTODOS: Estudo de corte transversal realizado em três municípios do Estado do Ceará, de janeiro a abril de 2012. Participaram da pesquisa 51 profissionais: médicos (9, enfermeiros (26 e cirurgiões-dentistas (16 que trabalhavam na Estratégia Saúde da Família. Utilizou-se um questionário para a coleta, e os dados foram submetidos à análise estatística descritiva e analítica por meio da aplicação do teste do qui-quadrado de Pearson, sendo significante p≤0,05. RESULTADOS: Na amostra selecionada predominaram profissionais que não haviam participado de treinamento na área de violência contra crianças e adolescentes (86,3%, conheciam o Estatuto da Criança e do Adolescente (90,2% e conheciam a ficha de notificação de maus-tratos (62,7%. A maioria afirmou que a unidade de saúde possuía a ficha (70,5% e que sabia para qual lugar encaminhar as vítimas (82,3%. Prevaleceram os profissionais que não se depararam com situações de maus-tratos (62,8%; dos 37,2% que já tinham identificado algum caso, 60,0% relataram as ocorrências. Houve associação significante (p=0,035 entre o ato de notificar e a participação do profissional em treinamento sobre o tema. CONCLUSÕES: Este estudo mostrou que os participantes têm dificuldades na notificação de maus-tratos em crianças e adolescentes. Existem lacunas no conhecimento e fragilidades na instrumentação para essa prática.

  11. Comportamentos de risco à saúde em adolescentes no Sul do Brasil: prevalência e fatores associados Health risk behaviors among adolescents in the south of Brazil: prevalence and associated factors

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Cazuza de Farias Júnior

    2009-04-01

    Full Text Available OBJETIVO:Determinar a prevalência de comportamentos de risco à saúde e analisar fatores associados à exposição a esses comportamentos em adolescentes do Estado de Santa Catarina, Brasil. MÉTODO: Adolescentes escolares de 240 turmas do ensino médio da rede pública estadual responderam a um questionário para a coleta de informações demográficas (sexo, idade, região de residência e período de estudo, socioeconômicas (trabalho e renda familiar mensal e de comportamentos de risco à saúde (níveis insuficientes de atividade física, baixo consumo de frutas/verduras, tabagismo, consumo abusivo de bebidas alcoólicas, consumo de drogas ilícitas, envolvimento em brigas e não utilizar preservativos regularmente nas relações sexuais. RESULTADOS: Foram considerados válidos os questionários de 5 028 adolescentes (2 984 do sexo feminino e 2 044 do sexo masculino, com idade entre 15 e 19 anos (média = 17,0; desvio padrão = 1,12. Os comportamentos de risco mais prevalentes na amostra foram níveis insuficientes de atividade física (36,5%, baixo consumo de frutas/verduras (46,5% e não utilizar preservativos regularmente nas relações sexuais (38,3%. Aproximadamente sete em cada 10 adolescentes (64,7% estavam expostos a dois ou mais comportamentos de risco de forma simultânea. Os seguintes subgrupos de risco foram identificados: adolescentes do sexo masculino, adolescentes de 18 a 19 anos de idade, que residem em área urbana, que estudam no período noturno e que têm maior renda familiar. CONCLUSÕES: A proporção de adolescentes expostos a comportamentos de risco à saúde foi elevada, principalmente ao se considerar a exposição simultânea a diferentes comportamentos. Os resultados encontrados podem contribuir para o desenvolvimento de programas de promoção da saúde no ambiente escolar, direcionados principalmente aos subgrupos de risco.OBJECTIVE:To determine the prevalence of health risk behaviors and to analyze factors

  12. Adolescentes en puerperio y sus prácticas de cuidado Adolescentes em puerpério e suas práticas de cuidado Adolescents in puerperium and their care practices

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    SANDRA LILIANA CARDOZO SILVA

    Full Text Available El presente estudio describe las prácticas de cuidado de un grupo de puérperas adolescentes en el Hospital San Rafael de Girardot en 2007. La muestra la conformaron 75 mujeres entre los días 11 y 40 de postparto. La información se recolectó utilizando el cuestionario " Prácticas de cuidado que realizan consigo mismas las mujeres en el posparto" , versión 21 de mayo de 2004, que comprende 6 categorías: alimentación, higiene, actividad y ejercicio, hábitos no beneficiosos, uso de medicamentos y sistemas de apoyo (1. Para el análisis, las respuestas de contenido abierto se agruparon por homogeneidad estableciendo categorías y presentación de datos en tablas con frecuencias de aparición; para las preguntas cerradas se elaboraron tablas y gráficas con distribución porcentual. Entre los resultados se encontró que las edades de las participantes estuvieron comprendidas entre 14 y 20 años, la mayoría primíparas y con estado civil unión libre, grado de escolaridad secundaria incompleta y nivel socioeconómico bajo. Las prácticas de cuidado en estas puérperas reportaron que aún están orientadas por la familia, especialmente por las mujeres: madres, abuelas y suegras; sobresalen: el uso de algodones en los oídos, pañoleta en la cabeza y no exponerse a fenómenos naturales como el sereno, el sol y la lluvia, para evitar " dolor de cabeza" , y la reducción de la actividad física para que no se " caiga la matriz" . Se observó cómo las recomendaciones brindadas por enfermería, ganan terreno, y son practicadas por las madres al interior de sus familias.O presente levantamento descreve as práticas de cuidado de um grupo de adolescentes em puerpério no Hospital San Rafael de Girardor em 2007. A amostra está constituída por 75 mulheres entre os dias 11 e 40 da etapa pósparto. A informação foi compilada mediante o questionário " Práticas de autocuidado das mulheres na etapa de pósparto" , versão 21 de maio de 2004, que

  13. Adolescentes en puerperio y sus prácticas de cuidado Adolescents in puerperium and their care practices Adolescentes em puerpério e suas práticas de cuidado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    BERNAL ROLDÁN MARÍA DEL CARMEN

    2009-12-01

    , activity and exercise, non beneficial habits, use of drugs and support systems (1. For analysis, open content answers were grouped by homogeneity, establishing categories and presentation of data in tables with recurrent frequencies. For closed questions, tables and graphs were used, with a percentage distribution. Results showed that ages were between 14 and 20, most of them first-time mothers and with civil union status, incomplete secondary schooling and low social economic income level. Care practices of these puerperas reported that they are still oriented by their families, specially by women in their families: mothers, grandmothers, mothers in law; One should highlight the use of cotton into the ears, kerchiefs on the head and not to expose themselves to natural phenomenon such as cold, sun and rain to prevent “headaches” and reduction of physical activities so that “the womb does not fall down”. It was evident that recommendations given by the nursing community are gaining ground in comparison with these old wives’ tales and they are being followed within their families.O presente levantamento descreve as práticas de cuidado de um grupo de adolescentes em puerpério no Hospital San Rafael de Girardor em 2007. A amostra está constituída por 75 mulheres entre os dias 11 e 40 da etapa pós-parto. A informação foi compilada mediante o questionário “Práticas de auto-cuidado das mulheres na etapa de pós-parto”, versão 21 de maio de 2004, que abrange seis categorias: alimentação, higiene, atividade e exercício, hábitos não proveitosos, uso de medicamentos e sistemas de apoio (1. Para efeitos da análise, as respostas de conteúdo aberto foram agrupadas homogeneamente, estabelecendo categorias e apresentando os dados em tabelas com freqüências de aparição; para as perguntas fechadas, elaboraram-se tabelas e gráficos com distribuição porcentual. Entre os resultados, encontrou-se que a faixa etária das participantes era dentre 14 e 20

  14. Crianças e adolescentes renais crônicos em espaço educativo-terapêutico: subsídios para o cuidado cultural de enfermagem

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Viviane Peixoto dos Santos Pennafort

    2012-10-01

    Full Text Available Trata-se de estudo qualitativo na abordagem etnográfica, cujos objetivos foram compreender como crianças e adolescentes com doença renal crônica vivenciam o adoecimento e a terapêutica e descrever o cuidado educativo-terapêutico no enfoque da enfermagem transcultural. Participaram onze sujeitos em tratamento dialítico. As fases da pesquisa seguiram o modelo observação-participação-reflexão complementado com a entrevista. A análise foi orientada pelas quatro fases do guia da etnoenfermagem, emergindo as categorias: convivência com a insuficiência renal e mudanças no cotidiano; ambiente hospitalar e atividades educativo-terapêuticas, as quais mostram desconfortos e dificuldades em várias dimensões da vida de certa forma compensados pelo ambiente terapêutico e oferta de lazer. O cuidar culturalmente congruente foi entendido como uma ação intencional construída pela interação entre os saberes científicos e a valorização dos saberes culturais das crianças e adolescentes e de suas famílias

  15. Gravidez em adolescentes de uma unidade municipal de saúde em Fortaleza - Ceará Embarazo en adolescentes de una unidad municipal de salud en Fortaleza - Ceára (Brasil Pregnancy in adolescents of a city health unit in Fortaleza - Ceára (Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Conceição de Maria Arcanjo

    2007-09-01

    Full Text Available Estudo quantitativo com objetivo de conhecer a gravidez na adolescência em unidade municipal de saúde, Fortaleza-CE. A amostra foi composta por 40 adolescentes. Como resultado, encontramos: 20% estavam entre 14 e 15 anos, 7,5% eram solteiras, 5%, casadas, 7,5% tinham união consensual; 60% tinham entre 16 e 17 anos, 5% eram solteiras, 7,5%, casadas, 47,5% tinham união consensual; 20% tinham entre 18 e 19 anos, 12,5% eram solteiras, 7,5%, casadas. E, ainda: 17,5% tiveram experiência do aborto, 50% deixaram de estudar por causa da gravidez, 25% não gostam de estudar, 20% não acham importante, 57,5% iniciaram pré-natal com três a quatro meses de gestação, 80% dos pais assumem a paternidade, 70% delas continuavam morando com a família, 70% receberam orientações sobre gravidez, 60% não utilizavam método contraceptivo, 37,5% desejam ser dona de casa, 27,5% não têm planos para o futuro. Concluímos que as adolescentes engravidam em faixa etária precoce, não percebem os riscos inerentes à gravidez e deixam de lado o estudo, lazer, vaidade ou mesmo perspectivas para o futuro. A nosso ver, o estudo pode contribuir para o redimensionamento do trabalho com adolescentes na unidade local do estudo.Estudio cuantitativo con el objetivo de conocer el embarazo en la adolescencia de una unidad municipal de salud, Fortaleza CE (Brasil. La muestra fue compuesta por 40 adolescentes. Como resultado encontramos: 20% estaban entre 14-15 años, 7,5% solteras, 5% casadas, 7,5% unión consensual; 60% entre 16 y 17años, 5% solteras, 7,5% casadas, 47,5% unión consensual; 20% entre 18-19 años, 12,5% solteras, 7,5% casadas. Y todavía 17,5% tuvieran experiencia del aborto, 50% dejaron de estudiar debido el embarazo, 25% no les gusta estudiar, 20% no encuentra importante, 57,5% empezaron prenatal con tres a cuatro meses de la gestación, 80% de los padres asumen la paternidad, 70% continúan viviendo con la familia, 70% recibieran las orientaciones en el

  16. de Riesgo entre Adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sheila Gonçalves Câmara

    2007-01-01

    Full Text Available Este artículo evalúa los predictores de la conducta sexual de riesgo, entendida en este estudio como una práctica sexual desprotegida que puede ocasionar infección por ETS/SIDA, considerando la frecuencia y el uso de métodos anticonceptivos. Analiza variables socio-demográficas, psicosociales y de salud. La muestra se compuso de 389 jóvenes estudiantes de la enseñanza media de la ciudad de Porto Alegre en el Brasil. A través del análisis de regresión logística binária, se encontró el perfil de los que tienen mayor propensión a la conducta sexual de riesgo: jóvenes varones que tuvieron mayor número de parejas sexuales en el último año, presentaron mayor frecuencia en la consumición de alcohol, menor índice de bienestar psicológico y menor utilización de la estrategia de coping de búsqueda de pertenencia,

  17. Adesão em HIV/AIDS: estudo com adolescentes e seus cuidadores primários Adhesión en VIH/SIDA: un estudio con adolescentes y sus cuidadores primarios Adherence in HIV/AIDS: a study with adolescents and their primary caregivers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camila Peixoto Pessôa Guerra

    2010-12-01

    Full Text Available Contrariamente ao que pode ser observado em relação a adultos, o comportamento de adesão à terapia antirretroviral (TARV de adolescentes soropositivos para o vírus da imunodeficiência humana (HIV tem sido pouco estudado. Esta pesquisa objetivou identificar características do comportamento de adesão à TARV de adolescentes vivendo com HIV/AIDS segundo relatos de jovens e seus cuidadores primários. Participaram nove díades compostas por adolescentes soropositivos, com idades entre 12 e 17 anos (seis do sexo masculino, infectados por transmissão vertical e seus cuidadores. Foram realizadas entrevistas individuais, com roteiro semiestruturado, para todos os participantes. Os resultados indicaram a ocorrência de dificuldades de adesão, especialmente em situações nas quais os medicamentos eram ingeridos fora do ambiente doméstico (n=6. Foram comuns relatos de perda de doses (n=4 e de atrasos na ingestão dos medicamentos (n=7. Sugere-se que as dificuldades de adesão sejam trabalhadas levando em conta a melhoria da comunicação com a família e com a equipe de saúde.Distinto de lo que puede ser observado para adultos, los comportamientos de adhesión a la terapia antirretroviral (TAR de adolescentes infectados por el VIH han sido poco estudiados. La presente pesquisa tenía como objetivo identificar las caracteristicas del comportamiento de adhesión a la TAR de adolescentes viviendo con VIH/SIDA, según relatos de jóvenes y sus cuidadores primarios. Participaron nueve parejas integradas por adolescentes, con edades entre 12 e 17 años (6 del sexo masculino, infectados por transmisión vertical, y sus cuidadores. Fueron realizadas entrevistas individuales, semi estructuradas para todos los participantes. Los resultados mostraron dificultades de adhesión, especialmente en situaciones en que los medicamientos fueron ingeridos fuera del ambiente doméstico (n=6. Fueron comúnes relatos de pérdida de dosis (n=4 y retrasos en la

  18. Entre a modernidade e a tradição: a iniciação sexual de adolescentes piauienses universitárias Entre la modernidad y la tradición: la inicialización sexual de los adolescentes de las universidades de Piauí Between modernity and tradition: sexual initiation of university teens originally from Piauí

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Rosilene Cândido Moreira

    2011-09-01

    Full Text Available A sexualidade, enquanto fenômeno que propicia momentos singulares de descobrimento de si e do outro, permite a realização de práticas permeadas por simbolizações adquiridas na adolescência. Por sofrer influência de fatores genéticos, sociais e culturais, o comportamento sexual adolescente é, por vezes, permeado por situações conflituosas. O presente estudo teve como objetivo desvelar comportamentos sexuais de acadêmicas de Enfermagem da Universidade Federal do Piauí, bem como seus mecanismos de influência, e compreender os aspectos que envolvem a iniciação sexual, considerando os entraves desencadeados pela formação tradicional e aspirações modernizantes. Adotou-se o método etnográfico, aplicando-se entrevistas em profundidade a 12 estudantes, nos meses de outubro e novembro de 2009. As entrevistas relevaram interseção entre comportamento sexual e cultura, permitindo visualizar o poder exercido pelos sistemas de representação social. É importante pontuar sobre a necessidade de mais olhares sobre o assunto por ser emergente nos diversos cenários do existir humano.La sexualidad, como el fenómeno que proporciona momentos singulares de descubrimiento de la propia persona y del otro, permite las prácticas permeadas por símbolos adquiridos en la adolescencia. Por sufrir influencia de factores genéticos, sociales y culturales, el comportamiento sexual adolescente es, muchas veces, permeado por situaciones llenas de conflictos. El presente estudio tuvo como objetivo descubrir comportamientos sexuales de los estudiantes de enfermería de la Universidade Federal do Estado do Piauí, así como sus mecanismos de influencia y comprender los aspectos que envuelven la iniciación sexual, considerando las barreras desencadenadas por la formación tradicional y por las aspiraciones de la modernización. Se adoptó el método etnográfico, aplicándose entrevistas con profundidad a doce estudiantes, en los meses de octubre y

  19. Relación entre síntomas depresivos, Índice de Masa Corporal y autopercepción del peso en adolescentes escolares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edwin Herazo

    2013-01-01

    Full Text Available Objetivo: Conocer la asociación entre síntomas depresivos, índice de masa corporal (IMC y autopercepción del peso corporal en adolescentes escolares de Bogotá, D.C. (Colombia. Materiales y métodos: Se realizó un estudio analítico transversal en el que participaron estudiantes de colegios públicos. Los síntomas depresivos se cuantificaron con la versión de 10 ítems de la escala de Zung para depresión; el IMC a partir de la toma de peso y talla; y la autopercepción de peso corporal mediante una pregunta con tres opciones de respuesta (0=bajo, normal=1 y alto=2. Se calculó el coeficiente de correlación de Spearman (rs para estimar las asociaciones. Se aceptaron como significativos valores de rs mayores de 0,300. Resultados: Participaron 321 estudiantes, con edades entre 12 y 18 años, media=14.6 años (DE=1,6; el 64,2 % fueron mujeres. Las puntuaciones para síntomas depresivos se encontraron entre 10 y 36, media=20,6 (DE=4,7, moda=21, mediana=21; los IMC se observaron entre 14,5 y 29,8, media=20,5 (DE=3,0; y la autopercepción del peso fue baja en 15,0 %, normal en 71,0 % y alta en 14,0 %. La correlación entre síntomas depresivos y autopercepción del peso fue rs=-0,019 (p=0,740; entre síntomas depresivos e IMC, rs=- 0,098 (p=0,079; y entre IMC y autopercepción de peso, rs=0,446 (p<0,001. Conclusiones: El IMC guarda una relación estadísticamente significativa con la auto- percepción del peso corporal; sin embargo, los síntomas depresivos son independientes de la autopercepción del peso corporal. Se necesitan más investigaciones con adolescentes escolares colombianos.

  20. Sobrepeso em adolescentes de 14 a 19 anos em um município da região Sul do Brasil Overweight in adolescents aged 14 to 19 years old in a Southern Brazilian city

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcia Cristina Dalla Costa

    2007-09-01

    Full Text Available OBJETIVOS: identificar a freqüência de sobrepeso em adolescentes, bem como os fatores ambientais, biológicos e socioeconômicos associados, no município de Toledo, Paraná. MÉTODOS: estudo transversal desenvolvido com adolescentes matriculados no ensino médio, de 14 a 19 anos, do período diurno da área urbana do município. Adotou-se o índice de massa corporal/idade para diagnosticar exposição ao risco de sobrepeso. Utilizou-se um questionário pré-testado para levantamento dos dados pessoais, antropométricos, biológicos e hábitos, como: usar TV, vídeo e computador, praticar esportes e freqüência das refeições. Para a situação socioeconômica, foi utilizado o critério de Classificação Econômica Brasil da Associação Nacional de Empresas de Pesquisa. RESULTADOS: dos adolescentes, 3,8% apresentaram baixo peso e 10,2% sobrepeso. Associação estatisticamente significativa foi encontrada para a freqüência de sobrepeso entre os adolescentes que realizavam quatro ou mais refeições/dia (5,5% e entre aqueles que realizavam até três refeições/dia (16,3%. Ao estratificar o sobrepeso por classes econômicas, as freqüências mostram uma tendência de decréscimo de sobrepeso com a queda da classe econômica. CONCLUSÕES: a prevalência de sobrepeso é superior à de baixo peso, o qual se encontra abaixo dos índices identificados em outros municípios brasileiros. Menor número de refeições e classes econômicas mais elevadas apresentaram associação com o sobrepeso.OBJECTIVES: to identify overweight incidence in adolescents as well as associated environmental, biological, social and economic factors in the municipality of Toledo, Paraná. METHODS: a cross sectional study was performed with adolescents enrolled in middle school aged 14 to 19 years old, in day classes of the urban area in the municipality. Body mass/age rates were used to diagnose the risk of overweight exposure. A pretested questionnaire was used to

  1. Tratamento de macroprolactinoma com cabergolina em adolescente An adolescent patient with prolactinoma treated with cabergoline

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leila Warszawski

    2011-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Relatar um caso de macroprolactinoma diagnosticado em adolescente e tratado com cabergolina. DESCRIÇÃO DO CASO: Paciente do sexo feminino, 15 anos, iniciou quadro clínico aos dez anos, com cefaleia, obesidade e não havia apresentado menarca ao diagnóstico. A dosagem sérica inicial de prolactina foi de 2492ng/mL (valor de referência: 19-25ng/mL. A ressonância nuclear magnética de crânio evidenciou formação expansiva selar e suprasselar compatível com macroadenoma hipofisário sem compressão do quiasma óptico. Seis meses após o início do tratamento com cabergolina, houve queda significativa dos níveis séricos de prolactina para 87,7ng/mL, com redução de 76% no tamanho da lesão e melhora sintomática. COMENTÁRIOS: A ocorrência dos prolactinomas é rara na infância e na adolescência, mas o seu comportamento pode ser mais agressivo. O diagnóstico precoce e o manejo adequado do caso são importantes para um bom prognóstico.OBJECTIVE: To report a teenager with macroprolactinoma treated with cabergoline. CASE DESCRIPTION: A 15-year old female adolescent reported the onset of headaches and obesity since ten years old. At diagnosis amenorrhea was not present. The serum level of prolactin was initially 2492ng/mL (reference values: 19-25ng/mL. Magnetic resonance images of the skull revealed an expansive sellar and suprasellar pituitary macroadenoma without optical chiasmal compression. Six months after starting treatment with cabergoline, there was a significant decrease of prolactin levels to 87.7 ng/mL, with a 76% reduction in the lesion size and she reported improvement of the symptoms. COMMENTS: In childhood and adolescence, prolactinomas are rare, but when they occur the clinical course is more aggressive. Early diagnosis and proper management of the disease are important for a good prognosis.

  2. Consumo alimentar e gasto energético em adolescentes obesos e eutróficos Food consumption and energy expenditure in obese and non-obese adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camila Dayrell

    2009-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar, entre adolescentes obesos e eutróficos, variáveis relacionadas ao consumo alimentar e ao gasto energético. MÉTODOS: Estudo transversal com 23 adolescentes recrutados em escolas e centros de recreação de São Paulo (SP, distribuídos em dois grupos: 11 obesos e 12 eutróficos. Foram avaliados: peso corporal, estatura, índice de massa corporal, circunferência da cintura, massa magra e massa gorda (estimados por bioimpedância elétrica, três recordatórios alimentares de 24 horas, estimativa do gasto energético diário a partir de três métodos (recordatórios de atividade física, fórmulas preditivas e calorimetria indireta, gasto energético de repouso e a potência aeróbia. RESULTADOS: O gasto energético diário dos obesos foi maior, porém a ingestão alimentar se assemelhou à dos eutróficos. Não foram encontradas diferenças no gasto energético de repouso entre os grupos, porém a potência aeróbia foi maior nos eutróficos. A dieta de ambos os grupos não foi considerada saudável, mas os obesos apresentaram menor consumo de vários alimentos considerados saudáveis, como hortaliças. Observou-se discrepância na análise do gasto energético diário, quando se adotaram diferentes métodos. CONCLUSÕES: Os adolescentes apresentaram padrão alimentar associado ao risco de obesidade e doenças crônicas. Mais estudos são necessários para identificar melhores métodos para avaliar seu gasto energético. É urgente a busca de estratégias de educação nutricional específicas para esse grupo etário.OBJECTIVE: To compare food consumption and energy expenditure between obese and non-obese adolescents. METHODS: This cross-sectional study comprised 23 adolescents recruited from schools and recreation centers from São Paulo (SP, Brazil, distributed in two groups: 11 obese and 12 non-obese. The following variables were analyzed: body weight, height, body mass index, waist circumference, fat and lean mass

  3. Bordetella pertussis en estudiantes adolescentes de la Ciudad de México Bordetella pertussis em estudantes adolescentes da Cidade do México Bordetella pertussis in adolescents students in Mexico City

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patricia Tomé Sandoval

    2008-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estimar la seroprevalencia a Bordetella pertussis en escolares y sus contactos escolares y familiares. MÉTODOS: Un total de 12.273 estudiantes de 12 a 15 años de edad, de 14 escuelas secundarias públicas de la Ciudad de México fueron estudiados durante los meses de Septiembre 2002 a Marzo 2003. Se tomó muestra de exudado nasofaríngeo en adolescentes con tos de más de 14 días de evolución. La infección fue confirmada por la técnica de reacción en cadena de polimerasa. Se realizó estudio de contactos escolares y familiares. RESULTADOS: La incidencia de tos fue de 5 para 1.000 estudiantes. De los 61 estudiantes con tos incluidos en la muestra, 20 (32,8% fueron positivos para Bordetella. De los 152 contactos escolares, 16 (10,6