WorldWideScience

Sample records for coronarianas agudas sem

  1. Custo-efetividade de fondaparinux em pacientes com Síndrome Coronariana Aguda sem supradesnivelamento do ST

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camila Pepe

    2012-07-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: O uso combinado de agentes antitrombínicos, antiplaquetários e estratégias invasivas na síndrome coronariana aguda sem supradesnivelamento do ST (SCAsSST reduz eventos cardiovasculares. O fondaparinux demonstrou equivalência à enoxaparina na redução de eventos cardiovasculares, porém com menor índice de sangramento nos pacientes que usaram fondaparinux. OBJETIVO: Avaliar o custo-efetividade de fondaparinux versus enoxaparina em pacientes com SCAsSST no Brasil a partir da perspectiva econômica do Sistema Único de Saúde (SUS. MÉTODOS: Um modelo de decisão analítico foi construído para calcular os custos e consequências resultantes dos tratamentos comparados. Os parâmetros do modelo foram obtidos do estudo OASIS-5 (N = 20.078 pacientes com SCAsSST randomizados para fondaparinux ou enoxaparina. O desfecho avaliado foi um composto de eventos cardiovasculares (isto é, morte, infarto agudo do miocárdio, isquemia refratária e sangramentos graves nos dias 9, 30 e 180 pós-SCAsSST. Foram avaliados todos os custos diretos de tratamento e eventos relacionados à SCAsSST. O ano da análise foi 2010 e os custos foram descritos em reais (R$. RESULTADOS: No dia 9, o custo de tratamento por paciente foi R$ 2.768 para fondaparinux e R$ 2.852 para enoxaparina. Aproximadamente 80% do custo total foram associados a tratamentos invasivos. Os custos com medicamentos representaram 10% do custo total. As taxas combinadas de eventos cardiovasculares e de sangramentos maiores foram 7,3% e 9,0% para fondaparinux e enoxaparina, respectivamente. Análises de sensibilidade confirmaram os resultados iniciais do modelo. CONCLUSÃO: O fondaparinux para tratamento de pacientes com SCAsSST é superior à enoxaparina em termos de prevenção de novos eventos cardiovasculares com menor custo. (Arq Bras Cardiol. 2012; [online].ahead print, PP.0-0

  2. Validação prospectiva do escore de risco dante pazzanese em síndrome coronariana aguda sem supradesnivelamento do segmento ST

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elizabete Silva dos Santos

    2013-09-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Em Síndrome Coronariana Aguda (SCA sem Supradesnivelamento do segmento ST (SST é importante estimar a probabilidade de eventos adversos. Para esse fim, as diretrizes recomendam modelos de estratificação de risco. O escore de risco Dante Pazzanese (escore DANTE é um modelo simples de estratificação de risco, composto das variáveis: aumento da idade (0 a 9 pontos; antecedente de diabete melito (2 pontos ou acidente vascular encefálico (4 pontos; não uso de inibidor da enzima conversora da angiotensina (1 ponto; elevação da creatinina (0 a 10 pontos; combinação de elevação da troponina e depressão do segmento ST (0 a 4 pontos. OBJETIVO: Validar o escore DANTE em pacientes com SCA sem SST. MÉTODOS: Estudo prospectivo, observacional, com inclusão de 457 pacientes, de setembro de 2009 a outubro de 2010. Os pacientes foram agrupados em: muito baixo, baixo, intermediário e alto risco de acordo com a pontuação do modelo original. A habilidade preditiva do escore foi avaliada pela estatística-C. RESULTADOS: Foram 291 (63,7% homens e a média da idade 62,1 anos (11,04. Dezessete pacientes (3,7% apresentaram o evento de morte ou (reinfarto em 30 dias. Ocorreu aumento progressivo na proporção do evento, com aumento da pontuação: muito baixo risco = 0,0%; baixo risco = 3,9%; risco intermediário = 10,9%; alto risco = 60,0%; p < 0,0001. A estatística-C foi de 0,87 (IC 95% 0,81-0,94; p < 0,0001. CONCLUSÃO: O escore DANTE apresentou excelente habilidade preditiva para ocorrência dos eventos específicos e pode ser incorporado na avaliação prognóstica de pacientes com SCA sem SST.

  3. Determinantes prognósticos em pacientes com síndrome coronariana aguda sem elevação do segmento ST

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jessica Carolina Matos D'Almeida Santos

    2013-05-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Em pacientes com Síndromes Coronarianas Agudas (SCA sem Supradesnivelamento do Segmento ST (SST, sugere-se que uma série de marcadores (células inflamatórias, hiperglicemia e função renal é capaz de identificar indivíduos com maior risco para eventos cardiovasculares. OBJETIVO: Avaliar o impacto desses parâmetros laboratoriais em desfechos intra-hospitalares de pacientes com SCA sem SST. MÉTODOS: Foram avaliados prospectivamente 195 pacientes admitidos consecutivamente com SCA sem SST. Foram registrados dados clínicos, demográficos e laboratoriais ao longo do período de internação no hospital, em relação à ocorrência ou não de eventos combinados. RESULTADOS: A idade média foi de 67 ± 12 anos, e 52% eram homens. Na análise da área sob a curva ROC, somente a razão neutrófilo/linfócito (AUC: 70%, IC95%: 56%-82%, p = 0,006 e a creatinina (AUC: 62%, IC95%: 50%-80%, p = 0,03 discriminaram aqueles pacientes com SCA sem SST que apresentaram algum desfecho. Os pacientes que sofreram algum evento adverso durante a internação apresentaram menores contagens de linfócitos (1502 ± 731 / mm³ vs. 2020 ± 862 / mm³; p = 0,002, menores taxas de filtração glomerular (51 ± 27 mL/min vs. 77±34 mL/min; p < 0,001 e maiores níveis séricos de creatinina (2,1 ± 2,7 mg/dL vs. 1,1 ± 1,3 mg/dL; p = 0,047 do que aqueles que tiveram uma hospitalização sem intercorrências. A análise de regressão logística demonstrou que as variáveis que permaneceram como preditores independentes e significativos foram: taxa de filtração glomerular (OR: 1,03; IC95%: 1,00-1,13; p = 0,002, e contagem de linfócitos (OR: 1,02; IC95%: 1,01-1,04; p = 0,03. CONCLUSÃO: A avaliação da função renal e a contagem de linfócitos fornecem uma informação potencialmente útil para a estratificação prognóstica em doentes com SCA sem SST.

  4. Comparação entre troponina I cardíaca e CK-MB massa em síndrome coronariana aguda sem supra de ST

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elizabete Silva dos Santos

    2011-03-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Há incertezas do valor prognóstico comparativo entre troponina I cardíaca (cTnI e CK-MB em síndrome coronariana aguda (SCA. OBJETIVO: Comparar o valor prognóstico entre a cTnI e a CK-MB massa em pacientes com SCA sem supradesnível do segmento ST. MÉTODOS: Foram analisados 1.027 pacientes, de modo prospectivo, em um centro terciário de cardiologia. Combinações dos biomarcadores foram examinadas: cTnI normal, CK-MB massa normal (65,5%; cTnI normal, CK-MB massa elevada (3,9%; cTnI elevada, CK-MB massa normal (8,8%; cTnI elevada, CK-MB massa elevada (20,7%. Análise multivariada de variáveis clínicas, eletrocardiográficas e laboratoriais determinou o valor prognóstico independente dos biomarcadores para o evento de morte ou (reinfarto em 30 dias. RESULTADOS: Pacientes com pelo menos um biomarcador elevado foram mais idosos (p = 0,02 e do sexo masculino (p < 0,001. Uso prévio de aspirina (p = 0,001, betabloqueador (p = 0,003 ou estatina (p = 0,013 foi mais frequente naqueles sem elevação da cTnI. Pacientes com elevação de ambos os biomarcadores tinham mais depressão do segmento ST (p < 0,001 ou creatinina elevada (p < 0,001. Em análise multivariada com a inclusão da cTnI, a CK-MB massa não foi variável independente para o evento de morte ou (reinfarto em 30 dias (odds ratio [OR] 1,16; p = 0,71. Quando não se incluiu a cTnI, teve-se: idade (OR 1,07; p < 0,001; sexo masculino (OR 1,09; p = 0,77; diabete melito (OR 1,95; p = 0,02; acidente vascular cerebral prévio (OR 3,21; p = 0,008; creatinina elevada (OR 1,63; p = 0,002; elevação da CK-MB massa (OR 1,96; p = 0,03; estatística-C 0,77 (p < 0,001. CONCLUSÃO: Com dosagem da cTnI, a CK-MB massa pode ser dispensável para avaliação prognóstica. Na indisponibilidade da cTnI, a CK-MB massa é aceitável para decisão terapêutica.

  5. Comportamento da síndrome coronariana aguda: resultados de um registro brasileiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leopoldo Soares Piegas

    2013-06-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: O Brasil carece de registros multicêntricos publicados de síndrome coronariana aguda. OBJETIVO: O Registro Brasileiro de Síndrome Coronariana Aguda é um estudo multicêntrico nacional com objetivo de apresentar dados representativos das características clínicas, e manejo e evolução hospitalares dessa síndrome. MÉTODOS: Participaram 23 hospitais de 14 cidades. Foram elegíveis pacientes que se apresentaram com suspeita de síndrome coronariana aguda nas primeiras 24 horas, com quadro clínico sugestivo, associado a alterações eletrocardiográficas compatíveis e/ou marcadores de necrose. O seguimento foi realizado até o óbito ou a alta hospitalar. RESULTADOS: Entre os anos de 2003 e 2008, foram incluídos 2.693 pacientes com diagnóstico de síndrome coronariana aguda, sendo 864 (32,1% mulheres. O diagnóstico final foi de angina instável para 1.141 (42,4% pacientes, com mortalidade de 3,06% deles; de infarto agudo do miocárdio sem supradesnível de ST para 529 (19,6% pacientes, com mortalidade de 6,8% deles; e de infarto agudo do miocárdio com supradesnível de ST para 950 (35,3% pacientes, com mortalidade de 8,1% deles; tiveram diagnóstico não confirmado 73 (2,7% pacientes, com mortalidade de 1,36% deles. A mortalidade global foi de 5,53%. O modelo de regressão logística múltipla identificou o gênero feminino (OR=1,45, o diabetes melito (OR=1,59, o índice de massa corporal (OR=1,27 e a intervenção coronariana percutânea (OR=0,70 como fatores de risco de óbito, para demografia e intervenções. Um modelo para óbito por complicações maiores identificou choque cardiogênico/Edema Agudo de Pulmão (OR=4,57, reinfarto (OR=3,48, acidente vascular cerebral (OR=21,56, sangramento grave (OR=3,33, parada cardiorrespiratória (OR=40,27 e classe funcional de Killip (OR=3,37. CONCLUSÃO: Os dados do Registro Brasileiro de Síndrome Coronariana Aguda não diferem de outros coletados fora do país. Seus achados poder

  6. Determinantes prognósticos em pacientes com síndrome coronariana aguda sem elevação do segmento ST Prognostic factors in patients with acute coronary syndrome without ST segment elevation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jessica Carolina Matos D'Almeida Santos

    2013-05-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Em pacientes com Síndromes Coronarianas Agudas (SCA sem Supradesnivelamento do Segmento ST (SST, sugere-se que uma série de marcadores (células inflamatórias, hiperglicemia e função renal é capaz de identificar indivíduos com maior risco para eventos cardiovasculares. OBJETIVO: Avaliar o impacto desses parâmetros laboratoriais em desfechos intra-hospitalares de pacientes com SCA sem SST. MÉTODOS: Foram avaliados prospectivamente 195 pacientes admitidos consecutivamente com SCA sem SST. Foram registrados dados clínicos, demográficos e laboratoriais ao longo do período de internação no hospital, em relação à ocorrência ou não de eventos combinados. RESULTADOS: A idade média foi de 67 ± 12 anos, e 52% eram homens. Na análise da área sob a curva ROC, somente a razão neutrófilo/linfócito (AUC: 70%, IC95%: 56%-82%, p = 0,006 e a creatinina (AUC: 62%, IC95%: 50%-80%, p = 0,03 discriminaram aqueles pacientes com SCA sem SST que apresentaram algum desfecho. Os pacientes que sofreram algum evento adverso durante a internação apresentaram menores contagens de linfócitos (1502 ± 731 / mm³ vs. 2020 ± 862 / mm³; p = 0,002, menores taxas de filtração glomerular (51 ± 27 mL/min vs. 77±34 mL/min; p BACKGROUND: In patients with acute coronary syndromes (ACS without ST segment elevation (SSE, it is suggested that a series of markers (inflammatory cells, hyperglycemia and renal function can identify individuals with increased risk for cardiovascular events. OBJECTIVE: To evaluate the impact of these laboratory parameters on intra-hospital outcomes of patients with ACS with no SSE. METHODS: We prospectively evaluated 195 patients consecutively admitted with ACS with no SSE. Demographic and clinical laboratory data were recorded during the course of the hospitalization period in relation to the occurrence of combined events. RESULTS: Mean age was 67 ± 12 years, and 52% were men. In analyzing the area under the ROC

  7. Custo-efetividade de fondaparinux em pacientes com Síndrome Coronariana Aguda sem supradesnivelamento do ST Cost-effectiveness of fondaparinux in patients with acute coronary syndrome without ST-segment Elevation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camila Pepe

    2012-07-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: O uso combinado de agentes antitrombínicos, antiplaquetários e estratégias invasivas na síndrome coronariana aguda sem supradesnivelamento do ST (SCAsSST reduz eventos cardiovasculares. O fondaparinux demonstrou equivalência à enoxaparina na redução de eventos cardiovasculares, porém com menor índice de sangramento nos pacientes que usaram fondaparinux. OBJETIVO: Avaliar o custo-efetividade de fondaparinux versus enoxaparina em pacientes com SCAsSST no Brasil a partir da perspectiva econômica do Sistema Único de Saúde (SUS. MÉTODOS: Um modelo de decisão analítico foi construído para calcular os custos e consequências resultantes dos tratamentos comparados. Os parâmetros do modelo foram obtidos do estudo OASIS-5 (N = 20.078 pacientes com SCAsSST randomizados para fondaparinux ou enoxaparina. O desfecho avaliado foi um composto de eventos cardiovasculares (isto é, morte, infarto agudo do miocárdio, isquemia refratária e sangramentos graves nos dias 9, 30 e 180 pós-SCAsSST. Foram avaliados todos os custos diretos de tratamento e eventos relacionados à SCAsSST. O ano da análise foi 2010 e os custos foram descritos em reais (R$. RESULTADOS: No dia 9, o custo de tratamento por paciente foi R$ 2.768 para fondaparinux e R$ 2.852 para enoxaparina. Aproximadamente 80% do custo total foram associados a tratamentos invasivos. Os custos com medicamentos representaram 10% do custo total. As taxas combinadas de eventos cardiovasculares e de sangramentos maiores foram 7,3% e 9,0% para fondaparinux e enoxaparina, respectivamente. Análises de sensibilidade confirmaram os resultados iniciais do modelo. CONCLUSÃO: O fondaparinux para tratamento de pacientes com SCAsSST é superior à enoxaparina em termos de prevenção de novos eventos cardiovasculares com menor custo. (Arq Bras Cardiol. 2012; [online].ahead print, PP.0-0BACKGROUND: The combined use of antithrombotic agents, antiplatelet agents and invasive strategies in

  8. Estatinas nas síndromes coronarianas agudas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre Russo Sposito

    2011-10-01

    Full Text Available As estatinas são o principal recurso disponível para redução do LDL-colesterol. Seu uso contínuo reduz a morbidade e a mortalidade cardiovascular decorrente da doença aterosclerótica. A administração das estatinas demonstrou ser efetiva em estudos clínicos de prevenção primária e secundária em pacientes de baixo e alto risco. O mecanismo presumido de benefício da terapia hipolipemiante na prevenção das complicações da doença aterosclerótica age na redução da deposição de lipoproteínas aterogênicas em áreas vulneráveis da vasculatura. Estudos experimentais com estatinas demonstraram grande variedade de outros efeitos que poderiam estender o benefício clínico além da modificação do perfil lipídico por si só. A terapia com estatinas altera beneficamente componentes importantes do processo aterotrombótico: inflamação, oxidação, coagulação, parâmetros fibrinolíticos, função endotelial, vasorreatividade e função plaquetária. A demonstração dos efeitos não dependentes da redução do colesterol ou pleiotrópicos das estatinas fornece a base teórica para seu possível papel como terapia adjunta das síndromes coronarianas agudas. Análises retrospectivas de uma variedade de estudos indicam potencial benefício das estatinas durante os eventos coronarianos agudos. Estudos clínicos recentes têm abordado essa importante questão em ensaios prospectivos controlados, demonstrando fortes evidências a favor da administração das estatinas como terapia adjunta nas síndromes coronarianas agudas.

  9. Valor prognóstico da interleucina-6 na evolução de pacientes com síndrome coronariana aguda sem supradesnivelamento de segmento ST =Prognostic value of interleukin-6 in the outcome of patients with acute coronary syndrome without ST-segment elevation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Azevedo, Eduardo Mascarenhas et al.

    2006-01-01

    Full Text Available Objetivos: Identificar o valor prognóstico da interleucina-6 (IL-6 em pacientes com síndrome coronariana aguda sem supradesnivelamento de segmento ST internados na Unidade Coronariana do Hospital São Lucas da PUCRS. Métodos: Foram selecionados 90 pacientes consecutivos com síndrome coronariana aguda sem supradesnivelamento de segmento ST, acompanhados por um período médio de 29,4 meses, em busca de desfechos tais como: óbito, infarto agudo do miocárdio, angina instável e cirurgia de revascularização miocárdica nos períodos de 30 dias, 60 dias, 6 meses, 1 ano e maior que 1 ano. Os pacientes foram divididos em 2 grupos, com valores de IL-6 acima ou abaixo do percentil 50, correspondentes a um ponto de corte de 3,7 (unidade de medida conforme padronização do laboratório DPC-Medlab. Resultados: Através de regressão logística, foi determinado que níveis de IL-6 > 3,7 estavam associados a um maior risco de infarto agudo do miocárdio após o período total de acompanhamento do estudo (OR 5,5; 95% IC 1,5-20,4; p 0,01. Conclusões: Níveis elevados de IL-6 podem estar associados a um pior desfecho cardiovascular nesse grupo de pacientes em suas diversas formas de apresentação e em distintos períodos de acompanhamento. Aims: To identify the prognostic value of interleukin- 6 (IL-6 in patients with acute coronary syndrome without ST-segment elevation admitted to the Coronary Care Unit of Hospital São Lucas da PUCRS. Methods: Ninety consecutive patients with acute coronary syndrome without ST-segment elevation were selected for the study and followed for an average period of 29. 4 months, analyzing the occurrence of the following adverse outcomes: death, acute myocardial infarction, unstable angina and a myocardial revascularization procedure in periods of 30 days, 60 days, 6 months, 1 year and more than 1 year. Patients were divided in 2 groups, according to IL-6 values, those with higher or lower values than the median (50

  10. Níveis de PCR são maiores em pacientes com síndrome coronariana aguda e supradesnivelamento do segmento ST do que em pacientes sem supradesnivelamento do segmento ST

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Syed Shahid Habib

    2011-01-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Há grande interesse no uso de proteína C-reativa de alta sensibilidade (PCR-as para avaliação de risco. Altos níveis de PCR-as no início da síndrome coronária aguda (SCA, antes da necrose tecidual, pode ser um marcador substituto para comorbidades cardiovasculares. OBJETIVO: Dessa forma, nosso objetivo foi estudar diferentes medidas de seguimento de níveis de PCR-as em pacientes com SCA e comparar as diferenças entre infarto do miocárdio sem elevação do segmento ST (NSTEMI com pacientes apresentando elevação do segmento ST (STEMI. MÉTODOS: Este é um estudo observacional. Dos 89 pacientes recrutados, 60 apresentavam infarto agudo do miocárdio (IAM. Três níveis seriados de PCR-us, a nível basal na hospitalização antes de 12 horas após inicio dos sintomas, níveis de pico 36-48 horas após hospitalização e níveis de acompanhamento após 4 a 6 semanas foram analisados e comparados entre pacientes com (IAMCSST e sem supradesnivelamento do segmento ST (IAMSSST. RESULTADOS: Pacientes com IAMCSST tinham IMC significantemente mais alta quando comparados com pacientes IAMSSST. Os níveis de creatino quinase fração MB (CK-MB e aspartato aminotransferase (AST eram significantemente mais altos em pacientes com IAMCSST quando comparados com pacientes com IAMSSST (p<0,05. Os níveis de PCR a nível basal e no acompanhamento não diferiram de forma significante entre os dois grupos (p=0,2152 e p=0,4686 respectivamente. Houve uma diferença significante nos níveis de pico de PCR entre os dois grupos. No grupo de pacientes com IAMCSST os níveis foram significantemente mais altos quando comparados aos pacientes com IAMSSST (p=0,0464. CONCLUSÃO: Pacientes com IAMCSST apresentam picos significantemente mais elevados de PCR quando comparados a pacientes IAMSSST. Esses dados sugerem que o processo inflamatório tem um papel independente na patogênese do infarto do miocárdio. Dessa forma, os níveis de PCR podem ajudar na

  11. Síndrome coronariana aguda em paciente jovem com sintomas atípicos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo Daher

    2012-08-01

    Full Text Available O diagnóstico da dor torácica aguda no setor de emergência pode ser difícil e desafiador, incluindo diversos diagnósticos diferenciais, dentre eles: causas benignas a causas potencialmente fatais. O diagnóstico na maioria das vezesé estabelecido através do quadro clínico e de exames complementares como: marcadores de necrose miocárdica, eletrocardiograma e radiografia de tórax.A angiotomografia coronariana tem sido utilizada nos casos de dor torácica aguda com baixa ou intermediária probabilidade de síndrome coronariana aguda, permitindo sua exclusão e conseqüente alta precoce dos pacientes. Apresentamosrelato de caso de uma paciente jovem com dor precordial atípica e marcadores de necrose miocárdica discretamente elevados. Considerando-se a epidemiologia e o quadro clínico da paciente, foi feita hipótese diagnóstica inicial de miocardite. A angiotomografia cardíaca com pesquisa de realce tardiofoi solicitada. Apesar do escore de cálcio ter sido zero, foi diagnosticada lesão estenosante grave no terço médio da artéria coronária descendente anterior com realce tardio na parede anterior do ventrículo esquerdo, compatível comnecrose miocárdica. A paciente foi submetida a cateterismo com angioplastia da lesão.

  12. A importância de um EGC normal em síndromes coronarianas agudas sem supradesnivelamento do segmento ST La importancia de un ECG normal en síndromes coronarios agudos sin supradesnivel del segmento ST The importance of a normal ECG in non-ST elevation acute coronary syndromes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rogério Teixeira

    2010-01-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: O eletrocardiograma (ECG de admissão tem um grande impacto no diagnóstico e tratamento de síndromes coronarianas agudas (SCA sem supradesnivelamento do segmento ST. OBJETIVO: Avaliar o impacto do ECG de admissão no prognóstico da SCA sem supradesnivelamento de ST. População: estudo prospectivo, contínuo, observacional, de 802 pacientes com SCA sem supradesnivelamento de ST de um único centro. MÉTODOS: Os pacientes foram divididos em 2 grupos: A (n=538 - ECG Anormal e B (n=264 - ECG Normal. ECG Normal era sinônimo de ritmo sinusal sem alterações isquêmicas agudas. Um seguimento clínico de um ano foi realizado tendo como alvo todas as causas de mortalidade e a taxa de eventos cardíacos adversos maiores (MACE. RESULTADOS: Os pacientes do Grupo A eram mais velhos (68,7±11,7 vs. 63,4±12,7 anos, pFUNDAMENTO: El electrocardiograma (ECG de ingreso tiene un gran impacto en el diagnóstico y tratamiento de síndromes coronarios agudos (SCA sin supradesnivel del segmento ST. OBJETIVO: Evaluar el impacto del ECG de ingreso en el pronóstico del SCA sin supradesnivel de ST. MÉTODOS: Población: estudio prospectivo, continuo, observacional, de 802 pacientes con SCA sin supradesnivel de ST de un único centro. Los pacientes se dividieron en 2 grupos: A (n=538 - ECG Anormal y B (n=264 - ECG Normal. ECG Normal era sinónimo de ritmo sinusal sin alteraciones isquémicas agudas. Se realizó un seguimiento clínico de un año teniendo como objetivo todas las causas de mortalidad y la tasa de eventos cardíacos adversos mayores (MACE. RESULTADOS: Los pacientes del Grupo A eran más viejos (68,7±11,7 vs 63,4±12,7 años, pBACKGROUND: Admission ECG has a major impact on the diagnosis and management of non-ST elevation acute coronary syndromes (ACS. OBJECTIVE: To assess the impact of the admission ECG on prognosis over non-ST ACS. Population: prospective, continuous, observational study of 802 non-ST ACS patients from a single center

  13. Consumo alimentar e estresse em pacientes com síndrome coronariana aguda

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Evelise Helena Fadini Reis Brunori

    2015-10-01

    Full Text Available RESUMOObjetivo:Avaliar se o consumo alimentar de pacientes com síndrome coronariana aguda (SCA segue as recomendações nacionais e internacionais e se existe relação com níveis de estresseMétodo:Estudo transversal com 150 pacientes com SCA que foram entrevistados utilizando-se os Questionários de Frequência Alimentar e Escala de Estresse Percebido-10.Resultados:Consumo diário acima das recomendações: colesterol (92%, fi bras (42,7% e proteínas (68%; consumo abaixo das recomendações: potássio (88% e carboidratos (68,7%; consumo conforme recomendações: sódio (53,3% e lípides (53,3%. A maioria (54% com consumo alimentar inadequado era estressada ou altamente estressada. Houve associação estatisticamente signifi cante entre menor nível de estresse e maior consumo de fibras.Conclusão:Em pacientes com SCA, o consumo alimentar esteve fora do recomendado pelas diretrizes e o menor consumo de fibras ocorre concomitantemente com maior estresse. Esforços educativos podem instrumentalizar os pacientes na adequação do consumo alimentar e no controle do estresse.

  14. Escore de risco Dante Pazzanese para síndrome coronariana aguda sem supradesnivelamento do segmento ST Score de riesgo dante pazzanese para síndrome coronario agudo sin supradesnivel del segmento ST Dante Pazzanese risk score for non-st-segment elevation acute coronary syndrome

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elizabete Silva dos Santos

    2009-10-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Em síndrome coronariana aguda (SCA, é importante estimar a probabilidade de eventos adversos. OBJETIVO: Desenvolver um escore de risco em uma população brasileira com SCA sem supradesnivelamento do segmento ST (SST. MÉTODOS: Foram avaliados prospectivamente 1.027 pacientes em um centro brasileiro de cardiologia. Um modelo de regressão logística múltipla foi desenvolvido para prever o risco de morte ou de (reinfarto em 30 dias. A acurácia preditiva do modelo foi determinada pelo C statistic. RESULTADOS: O evento combinado ocorreu em 54 pacientes (5,3%. O escore foi criado pela soma aritmética de pontos dos preditores independentes, cujas pontuações foram designadas pelas respectivas probabilidades de ocorrência do evento. As seguintes variáveis foram identificadas: aumento da idade (0 a 9 pontos; antecedente de diabete melito (2 pontos ou de acidente vascular cerebral (4 pontos; não utilização prévia de inibidor da enzima conversora da angiotensina (1 ponto; elevação da creatinina (0 a 10 pontos; e combinação de elevação da troponina I cardíaca e depressão do segmento ST (0 a 4 pontos. Foram definidos quatro grupos de risco: muito baixo (até 5 pontos; baixo (6 a 10 pontos; intermediário (11 a 15 pontos; e alto risco (16 a 30 pontos. O C statistic para a probabilidade do evento foi de 0,78 e para o escore de risco em pontuação de 0,74. CONCLUSÃO: Um escore de risco foi desenvolvido para prever morte ou (reinfarto em 30 dias em uma população brasileira com SCA sem SST, podendo facilmente ser aplicável no departamento de emergência.FUNDAMENTO: En el síndrome coronario agudo (SCA, es importante estimar la probabilidad de eventos adversos. OBJETIVO: Desarrollar un score de riesgo en una población brasileña con SCA sin supradesnivel del segmento ST (SST. MÉTODOS: Se evaluaron prospectivamente 1.027 pacientes en un centro brasileño de cardiología. Un modelo de regresión logística múltiple se

  15. Sistema computacional de auxílio ao diagnóstico em síndromes coronarianas agudas

    OpenAIRE

    2011-01-01

    As síndromes coronarianas agudas são responsáveis por uma elevada taxa de mortalidade no Brasil e no Mundo. As falhas diagnósticas, principalmente quando o paciente é atendido em serviços de pronto socorro, por clínicos gerais, certamente contribuem para esse quadro, embora amenizadas pelos sistemas cardiológicos de tele-medicina. Entretanto, muitos serviços de emergência não têm acesso a esses sistemas e, além disso, possuem uma limitada capacidade diagnóstica em casos de coronariopatia agud...

  16. Comportamento da síndrome coronariana aguda: resultados de um registro brasileiro Acute coronary syndrome behavior: results of a Brazilian registry

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leopoldo Soares Piegas

    2013-01-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: O Brasil carece de registros multicêntricos publicados de síndrome coronariana aguda. OBJETIVO: O Registro Brasileiro de Síndrome Coronariana Aguda é um estudo multicêntrico nacional com objetivo de apresentar dados representativos das características clínicas, e manejo e evolução hospitalares dessa síndrome. MÉTODOS: Participaram 23 hospitais de 14 cidades. Foram elegíveis pacientes que se apresentaram com suspeita de síndrome coronariana aguda nas primeiras 24 horas, com quadro clínico sugestivo, associado a alterações eletrocardiográficas compatíveis e/ou marcadores de necrose. O seguimento foi realizado até o óbito ou a alta hospitalar. RESULTADOS: Entre os anos de 2003 e 2008, foram incluídos 2.693 pacientes com diagnóstico de síndrome coronariana aguda, sendo 864 (32,1% mulheres. O diagnóstico final foi de angina instável para 1.141 (42,4% pacientes, com mortalidade de 3,06% deles; de infarto agudo do miocárdio sem supradesnível de ST para 529 (19,6% pacientes, com mortalidade de 6,8% deles; e de infarto agudo do miocárdio com supradesnível de ST para 950 (35,3% pacientes, com mortalidade de 8,1% deles; tiveram diagnóstico não confirmado 73 (2,7% pacientes, com mortalidade de 1,36% deles. A mortalidade global foi de 5,53%. O modelo de regressão logística múltipla identificou o gênero feminino (OR=1,45, o diabetes melito (OR=1,59, o índice de massa corporal (OR=1,27 e a intervenção coronariana percutânea (OR=0,70 como fatores de risco de óbito, para demografia e intervenções. Um modelo para óbito por complicações maiores identificou choque cardiogênico/Edema Agudo de Pulmão (OR=4,57, reinfarto (OR=3,48, acidente vascular cerebral (OR=21,56, sangramento grave (OR=3,33, parada cardiorrespiratória (OR=40,27 e classe funcional de Killip (OR=3,37. CONCLUSÃO: Os dados do Registro Brasileiro de Síndrome Coronariana Aguda não diferem de outros coletados fora do país. Seus achados poder

  17. O escore de risco de sangramento como preditor de mortalidade em pacientes com síndromes coronarianas agudas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Carlos Nicolau

    2013-12-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A ocorrência de sangramento aumenta a mortalidade intra-hospitalar em pacientes com síndromes coronarianas agudas (SCAs, e há uma boa correlação entre os escores de risco de sangramento e a incidência de eventos hemorrágicos. No entanto, o papel dos escores de risco de sangramento como fatores preditivos de mortalidade é pouco estudado. OBJETIVO: Analisar o papel do escore de risco de sangramento como fator preditivo de mortalidade intra-hospitalar numa coorte de pacientes com SCA tratados num centro terciário de cardiologia. MÉTODOS: Dos 1.655 pacientes com SCA (547 com SCA com supra de ST e 1.118 com SCA sem supra de ST, calculou-se o escore de risco de sangramento ACUITY/HORIZONS prospectivamente em 249 pacientes e retrospectivamente nos demais 1.416. Informações sobre mortalidade e complicações hemorrágicas também foram obtidas. RESULTADOS: A idade média da população estudada foi 64,3 ± 12,6 anos e o escore de risco de sangramento médio foi 18 ± 7,7. A correlação entre sangramento e mortalidade foi altamente significativa (p < 0,001; OR = 5,29, assim como a correlação entre escore de sangramento e hemorragia intra-hospitalar (p < 0,001; OR = 1,058, e entre escore de sangramento e mortalidade intra-hospitalar (OR ajustado = 1,121, p < 0,001, área sob a curva ROC 0,753; p < 0,001. O OR ajustado e a área sob a curva ROC para a população com SCA com supra de ST foram 1,046 (p = 0,046 e 0,686 ± 0,040 (p < 0,001, respectivamente, e para SCA sem supra de ST foram 1,150 (p < 0,001 e 0,769 ± 0,036 (p < 0,001, respectivamente. CONCLUSÃO: O escore de risco de sangramento é um fator preditivo muito útil e altamente confiável para mortalidade intra-hospitalar em uma grande variedade de pacientes com SCAs, especialmente aqueles com angina instável ou infarto agudo do miocárdio sem supra de ST.

  18. Escore Prognóstico para Síndrome Coronariana Aguda em Hospital Terciário Privado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edson Renato Romano

    2014-04-01

    Full Text Available Fundamento: Os modelos prognósticos disponíveis para Síndrome Coronariana Aguda (SCA podem ter limitações de performance, por terem sido elaborados há vários anos, ou problemas de aplicabilidade. Objetivos: Elaborar escores para predição de eventos desfavoráveis em 30 dias e 6 meses, em pacientes com SCA, com ou sem Supradesnivelamento de ST (SST, atendida em hospital privado terciário. Métodos: Coorte prospectiva de pacientes consecutivos com SCA admitidos entre agosto/2009 a junho/2012. O desfecho primário composto foi a ocorrência de óbito, infarto ou reinfarto, Acidente Vascular Cerebral (AVC, parada cardiorrespiratória e sangramento maior. As variáveis preditoras foram selecionadas de dados clínicos, laboratoriais, eletrocardiográficos e da terapêutica. O modelo final foi obtido por meio de regressão logística e submetido a validação interna, utilizando-se bootstraping. Resultados: Incluímos 760 pacientes, 132 com SCA com SST e 628 sem SST. A idade média foi 63,2 ± 11,7 anos, sendo 583 homens (76,7%. O modelo final para eventos em 30 dias contém cinco preditores: idade ≥ 70 anos, antecedente de neoplasia, Fração de Ejeção do Ventrículo Esquerdo (FEVE 12,4 ng/mL e trombólise. Na validação interna, o modelo mostrou ter boa performance com área sob a curva de 0,71.Os preditores do modelo para 6 meses são: antecedente de neoplasia, FEVE 14,3 ng/mL, creatinina > 1,2 mg/dL, antecedente de doença pulmonar obstrutiva crônica e hemoglobina < 13,5 g/dL. Na validação interna, o modelo apresentou boa performance com área sob a curva de 0,69. Conclusões: Desenvolvemos escores de fácil utilização e boa performance para predição de eventos adversos em 30 dias e 6 meses em pacientes com SCA.

  19. Síndromes coronarianas agudas: tratamento e estratificação de risco Acute coronary syndromes: treatment and risk stratification

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Eduardo Pereira Pesaro

    2008-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: As síndromes coronarianas agudas são resultado da ruptura de uma placa coronariana instável, complicada pela formação de trombo intraluminal, embolização e graus variáveis de obstrução coronária. Pacientes com oclusão total de uma artéria coronária apresentam infarto agudo do miocárdio (IAM com supradesnivelamento do segmento ST. Uma oclusão parcial do vaso pode resultar em IAM sem supradesnivelamento do segmento ST ou angina instável. As manifestações clínicas e as alterações eletrocardiográficas são componentes fundamentais para identificação dos pacientes portadores destas síndromes. A triagem rápida e eficaz desses pacientes, quanto à presença ou não do supradesnivelamento do segmento ST, é fundamental para a determinação da estratégia terapêutica a ser empregada. O objetivo deste estudo foi realizar uma revisão da literatura sobre as evidências atuais e as recomendações para avaliação e tratamento das síndromes coronarianas agudas. CONTEÚDO: Revisão da literatura, utilizando as bases eletrônicas de dados MedLine e LILACS, no período de janeiro de 1990 a setembro de 2007. CONCLUSÕES: A reperfusão da artéria responsável pelo infarto é a etapa fundamental no tratamento de pacientes com infarto agudo do miocárdio com supradesnivelamento do segmento ST. A terapia trombolítica ou a intervenção coronariana percutânea são duas opções terapêuticas bem estabelecidas na literatura. Pacientes portadores de IAM sem supradesnivelamento do segmento ST ou angina instável necessitam de estratificação de risco precoce. Pacientes de alto risco devem ser submetidos à estratégia invasiva precoce, que consiste na realização do cateterismo cardíaco nas primeiras 24-48 horas do início dos sintomas.BACKGROUND AND OBJECTIVES: Acute coronary syndromes result from a disruption of a vulnerable coronary plaque complicated by intraluminal thrombus formation, embolisation, and

  20. Perfil dos hormônios tireoidianos nas síndromes coronarianas agudas Thyroid hormone profile in acute coronary syndromes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo Caetano Pimentel

    2006-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever o perfil hormonal tireoidiano em pacientes com síndromes coronarianas agudas (SCA, e nos grupos: 1 angina instável e/ou infarto agudo do miocárdio sem supradesnivelamento de segmento ST (AI/IAM sem supra ST; 2 infarto agudo do miocárdio com supradesnivelamento do segmento (IAM com supra ST, e nos pacientes que evoluíram ou não a óbito conforme os grupos. MÉTODOS: Foram estudados prospectivamente setenta pacientes portadores de SCA, internados na unidade coronariana do Hospital dos Servidores do Estado/RJ. As amostras sangüíneas foram coletadas nos primeiro, quarto e sétimo dias de internação. Exame clínico e eletrocardiograma foram realizados no período de internação. RESULTADOS: Dos 70 pacientes admitidos, 13 (18,6% apresentaram a "síndrome do eutireoidiano doente" (SED, que consiste na queda do hormônio T3 e ou T3 livre, aumento do hormônio T3 reverso (rT3 e inalteração dos hormônios TSH, T4 e T4 livre. Nos pacientes do grupo IAM com supra ST, observaram-se elevação precoce e maiores médias do hormônio tireoidiano T3 reverso (rT3 e menores médias dos hormônios T3 e T3 livre. Nos coronariopatas que evoluíram a óbito, observamos achados hormonais condizentes com os encontrado na SED, com valores médios expressivos dos hormônios rT3 e T3. CONCLUSÃO: Os resultados apresentados neste estudo mostram a importância do reconhecimento da "síndrome do eutireoidiano doente" nos pacientes coronariopatas, sugerindo associação com pior prognóstico nos pacientes com síndrome coronariana aguda.OBJECTIVE: To describe thyroid hormone profile in patients with acute coronary syndromes (ACS, divided into two groups: 1 unstable angina and/or non-ST-segment elevation acute myocardial infarction (UA/NSTEMI; 2 ST-segment elevation acute myocardial infarction (STEMI, as well as in patients that progressed or not to death, according to the groups. METHODS: Seventy ACS patients admitted to the coronary care unit

  1. Sintomas de pacientes antes da primeira hospitalização por Síndrome Coronariana Aguda

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carina Aparecida Marosti Dessotte

    2011-10-01

    Full Text Available Este estudo objetivou caracterizar os pacientes quanto ao relato da presença de sintomas de dor torácica, dispneia e limitação das atividades diárias uma semana antes da primeira hospitalização por Síndrome Coronariana Aguda, segundo a forma de apresentação clínica, e compará-las. Estudo transversal, descritivo e correlacional. Utilizou-se um instrumento de avaliação clínica que investigou a presença e a gravidade dos sintomas de dispneia, precordialgia e restrição física decorrentes da isquemia do miocárdio. Com relação à limitação para realização de atividades físicas, pacientes com diagnóstico de angina instável mostraram maior comprometimento na semana que antecedeu a internação, assim como relataram a presença de dispneia e precordialgia com maior frequência do que os pacientes infartados em situações que vão desde realizarem grandes esforços como, por exemplo, caminhar na subida ou muito rápido no plano, até situações de repouso ou de pequenos esforços.

  2. Manejo de alterações glicêmicas em pacientes com síndrome coronariana aguda: programa educativo para enfermeiros

    OpenAIRE

    Flavia Fernanda Franco

    2013-01-01

    A pesquisa, de natureza qualitativa, teve como objetivos implementar e avaliar uma intervenção educativa para enfermeiros voltada ao reconhecimento precoce e manejo das alterações glicêmicas em pacientes com diagnóstico de síndrome coronariana aguda e identificar o número de inclusões de pacientes ao protocolo hospitalar de tratamento das alterações glicêmicas antes e após intervenção educativa aplicada aos Enfermeiros. Foi realizada em duas Etapas. A Etapa Um (De Investigação) consistiu na i...

  3. Comparação entre troponina I cardíaca e CK-MB massa em síndrome coronariana aguda sem supra de ST Comparación entre troponina i cardíaca y ck-mb masa en síndrome coronario agudo sin supradesnivel de ST Comparison between cardiac troponin I and CK-MB mass in acute coronary syndrome without st elevation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elizabete Silva dos Santos

    2011-03-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Há incertezas do valor prognóstico comparativo entre troponina I cardíaca (cTnI e CK-MB em síndrome coronariana aguda (SCA. OBJETIVO: Comparar o valor prognóstico entre a cTnI e a CK-MB massa em pacientes com SCA sem supradesnível do segmento ST. MÉTODOS: Foram analisados 1.027 pacientes, de modo prospectivo, em um centro terciário de cardiologia. Combinações dos biomarcadores foram examinadas: cTnI normal, CK-MB massa normal (65,5%; cTnI normal, CK-MB massa elevada (3,9%; cTnI elevada, CK-MB massa normal (8,8%; cTnI elevada, CK-MB massa elevada (20,7%. Análise multivariada de variáveis clínicas, eletrocardiográficas e laboratoriais determinou o valor prognóstico independente dos biomarcadores para o evento de morte ou (reinfarto em 30 dias. RESULTADOS: Pacientes com pelo menos um biomarcador elevado foram mais idosos (p = 0,02 e do sexo masculino (p FUNDAMENTO: Hay dudas sobre el valor pronóstico comparativo entre troponina I cardíaca (cTnI y CK-MB en síndrome coronario agudo (SCA. OBJETIVO: Comparar el valor pronóstico entre la cTnI y la CK-MB masa en pacientes con SCA sin supradesnivel del segmento ST. MÉTODOS: Fueron analizados 1.027 pacientes, de modo prospectivo, en un centro terciario de cardiología. Combinaciones de los biomarcadores fueron examinadas: cTnI normal, CK-MB masa normal (65,5%; cTnI normal, CK-MB masa elevada (3,9%; cTnI elevada, CK-MB masa normal (8,8%; cTnI elevada, CK-MB masa elevada (20,7%. Análisis multivariado de variables clínicas, electrocardiográficas y de laboratorio determinó el valor pronóstico independiente de los biomarcadores para el evento de muerte o (reinfarto en 30 días. RESULTADOS: Pacientes con por lo menos un biomarcador elevado eron más añosos (p = 0,02 y del sexo masculino (p BACKGROUND: There is uncertainty as to the comparative prognostic value between cardiac troponin I (cTnI and CK-MB in acute coronary syndrome (ACS. OBJECTIVE: To compare the prognostic

  4. Análise em longo prazo na síndrome coronariana aguda: existem diferenças na morbimortalidade?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adolfo Alexandre Farah de Aguiar

    Full Text Available FUNDAMENTO: A insuficiência cardíaca (IC tem grande importância como preditor de morbimortalidade em pacientes com síndrome coronariana aguda (SCA. OBJETIVO: Avaliar os preditores de morbimortalidade na SCA em longo prazo. MÉTODOS: Foi um estudo de coorte de 403 pacientes consecutivos com queixas de dor torácica. Descreveram-se dados demográficos, clínicos, laboratoriais e terapêuticos, sendo avaliados durante a internação e até oito anos após alta, em relação à presença ou ausência de eventos cardiovasculares e óbitos. RESULTADOS: Foram 403 pacientes com queixas de dor torácica, em que 65,8% apresentavam diagnóstico de SCA sem supra de ST, 27,8% SCA com supra de ST e 6,5% sem SCA. Destes, foram avaliados os 377 pacientes com SCA, em que 37,9% eram do sexo feminino, e a média de idade foi de 62,2 ± 11,6 anos. A presença de IC antes ou durante a hospitalização influenciou a mortalidade. Dos fatores prognósticos, a creatinina inicial merece destaque, sendo o ponto de corte de 1,4 mg/dl (acurácia = 62,1%; HR = 3,27; p < 0,001. Notamos pior prognóstico para cada acréscimo de dez anos de idade (HR = 1,37; p < 0,001 e para cada incremento de 10 bpm na frequência cardíaca (HR = 1,22 p < 0,001. Quanto às terapias utilizadas antes e após 2002, houve aumento de uso de betabloqueadores, inibidores da enzima conversora da angiotensina (IECAs, estatinas e antiplaquetários, tendo impacto na mortalidade. CONCLUSÃO: Presença de IC admissional, creatinina, idade e FC foram preditores independentes de mortalidade. Observou-se que pacientes com IC atendidos antes de 2002 apresentaram pior sobrevida em relação aos atendidos após 2002 e que a mudança na terapia foi a responsável por isso.

  5. Adiponectina sérica e risco cardiometabólico em pacientes com síndromes coronarianas agudas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo Bernardes de Figueiredo Oliveira

    2013-11-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: O tecido adiposo representa não somente uma fonte de energia estocável, mas principalmente um órgão endócrino que secreta várias citoquinas. A adiponectina, uma nova proteína semelhante ao colágeno, foi descoberta como uma citoquina específica do adipócito e um promissor marcador de risco cardiovascular. OBJETIVO: Avaliar a associação entre os níveis séricos da adiponectina e o risco para a ocorrência de eventos cardiovasculares, em pacientes com síndromes coronarianas agudas (SCA, e as correlações entre adiponectina e os biomarcadores metabólicos, inflamatórios e miocárdicos. MÉTODOS: Foram recrutados 114 pacientes com SCA, com seguimento médio de 1,13 ano para avaliação de desfechos clínicos. Modelos de regressão de risco proporcional de Cox com penalização de Firth foram construídos para determinar a associação independente entre adiponectina e o risco subsequente dos desfechos primário (composto de óbito cardiovascular/IAM não fatal/AVE não fatal e coprimário (composto de óbito cardiovascular/ IAM não fatal/AVE não fatal/re-hospitalização requerendo revascularização. RESULTADOS: Houve correlações diretas e significantes entre adiponectina e idade, HDL-colesterol e BNP, e inversas e significantes entre adiponectina e circunferência abdominal, peso corporal, índice de massa corporal, índice HOMA, triglicerídeos e insulina. A adiponectina foi associada a maior risco para os desfechos primário e coprimário (HR ajustado 1,08 e 1,07/incremento de 1.000, respectivamente, p = 0,01 e p = 0,02. CONCLUSÃO: Em pacientes com SCA, a adiponectina sérica foi preditor de risco independente para eventos cardiovasculares. De modo adicional às correlações antropométricas e metabólicas, a adiponectina mostrou correlação significante com BNP.

  6. Valor prognóstico da glicemia de jejum em pacientes idosos com síndrome coronariana aguda

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriane Monserrat Ramos

    2012-03-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: O exame da glicose plasmática de jejum (GPJ é preditor de complicações após Síndrome Coronariana Aguda (SCA. No entanto, seu valor prognóstico ainda não está plenamente estabelecido em diferentes faixas etárias. OBJETIVO: Avaliar o papel da glicose plasmática de jejum (GPJ como preditor de evolução, 30 dias após a SCA, e comparar a associação da hiperglicemia com eventos cardiovasculares maiores (ECM: óbito, reinfarto e revascularização, em dois diferentes grupos etários ( 65 anos de idade. MÉTODOS: Coorte contemporânea de pacientes hospitalizados por SCA no Instituto de Cardiologia do Rio Grande do Sul (região sul do Brasil. Nas primeiras 24 horas de internação, os pacientes responderam a um questionário com informações clínicas e foram coletadas amostras de sangue periférico para a medição da GPJ. Os pacientes foram acompanhados durante a internação e por 30 dias para verificar a presença de ECM. A análise estatística foi realizada utilizando o SPSS 15.0 com o teste do qui-quadrado ou Exato de Fisher (variáveis categóricas e o teste t de Student (variáveis numéricas. Análise multivariável foi utilizada para definir preditores independentes. RESULTADOS: 580 pacientes foram incluídos no estudo. A idade média foi 61,2 (± 12,3 anos, com 38,6% dos pacientes (224 com >65 anos de idade, sendo que 67,7% (393 eram do sexo masculino. A análise multivariada mostrou que, após 30 dias de acompanhamento, apenas a GPJ (OR = 1,01, 95% CI: 1,00-1,01, P = 0,001 esteve associada à ECM nas duas faixas etárias. CONCLUSÃO: A GPJ na internação foi preditor independente de ECM na fase precoce da SCA.

  7. Pressão diastólica final do ventrículo esquerdo e síndromes coronarianas agudas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rogério Teixeira

    2011-08-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Há falta de dados sobre o impacto prognóstico da pressão diastólica final do ventrículo esquerdo (PDFVE sobre as síndromes coronarianas agudas (SCA. OBJETIVO: Avaliar a PDFVE e suas implicações prognósticas em pacientes com SCA. MÉTODOS: Estudo prospectivo, longitudinal e contínuo de 1.329 pacientes com SCA de um único centro, realizado entre 2004 e 2006. A função diastólica foi determinada através da PDFVE. A população foi dividida em dois grupos: Grupo A - PDFVE 26,5 mmHg (n = 226. RESULTADOS: Não houve diferenças significantes entre os grupos em relação aos fatores de risco para doença cardiovascular, histórico médico e terapia médica durante a admissão. Nos pacientes do grupo A, a SCA sem elevação do segmento ST foi mais frequente, bem como angiogramas coronários normais. A mortalidade hospitalar foi similar entre os grupos, mas a sobrevida de um ano foi maior entre os pacientes do grupo A (96,9 vs 91,2%, log rank p = 0,002. Em um modelo multivariado de regressão de Cox, uma PDFVE > 26,5 mmHg (RR 2,45, IC95% 1,05 - 5,74 permaneceu um preditor independente para mortalidade de um ano, quando ajustado para idade, fração de ejeção sistólica do VE, SCA com elevação do segmento ST, pico da troponina, glicemia na admissão hospitalar e diuréticos após 24 horas. Além disso, uma PDFVE > 26,5 mmHg foi um preditor independente de uma futura rehospitalização por IC congestiva (RR 6,65 IC95% 1,74 - 25,5. CONCLUSÃO: Em nossa população selecionada, a PDFVE apresentou uma influência prognóstica significante.

  8. Proteína C-Reativa Incrementa o Valor Prognóstico do Escore GRACE em Síndromes Coronarianas Agudas?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis Cláudio Lemos Correia

    2014-06-01

    Full Text Available Fundamento: O valor prognóstico incremental da dosagem plasmática de Proteína C-reativa (PCR em relação ao Escore GRACE não está estabelecido em pacientes com síndromes coronarianas agudas sem supradesnivelamento do segmento ST (SCA. Objetivo: Testar a hipótese de que a medida de PCR na admissão incrementa o valor prognóstico do escore GRACE em pacientes com SCA. Métodos: Foram estudados 290 indivíduos, internados consecutivamente por SCA, os quais tiveram material plasmático colhido na admissão para dosagem de PCR por método de alta sensibilidade (nefelometria. Desfechos cardiovasculares durante hospitalização foram definidos pela combinação de óbito, infarto não fatal ou angina refratária não fatal. Resultados: A incidência de eventos cardiovasculares durante hospitalização foi 15% (18 óbitos, 11 infartos, 13 anginas, tendo a PCR apresentado estatística-C de 0,60 (95% IC = 0,51 - 0,70; p = 0,034 na predição desses desfechos. Após ajuste para o Escore GRACE, PCR elevada (definida pelo melhor ponto de corte apresentou tendência a associação com eventos hospitalares (OR = 1,89; 95% IC = 0,92 - 3,88; p = 0,08. No entanto, a adição da variável PCR elevada no modelo GRACE não promoveu incremento significativo na estatística-C, a qual variou de 0,705 para 0,718 (p = 0,46. Da mesma forma, não houve reclassificação de risco significativa com a adição da PCR no modelo preditor (reclassificação líquida = 5,7%; p = 0,15. Conclusão Embora PCR possua associação com desfechos hospitalares, esse marcador inflamatório não incrementa o valor prognóstico do Escore GRACE.

  9. Registro de síndrome coronariana aguda em um centro de emergências em cardiologia Acute coronary syndrome registry at a cardiology emergency center

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elizabete Silva dos Santos

    2006-11-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever as características de pacientes (P com suspeita clínica de síndrome coronariana aguda (SCA, identificando-se o tratamento médico e a mortalidade hospitalar. MÉTODOS: Avaliamos 860 pacientes com SCA de janeiro a dezembro de 2003. Analisamos características basais, modalidade de apresentação da SCA, medicamentos durante a internação, indicação de tratamento clínico ou de revascularização miocárdica (RM e mortalidade hospitalar. RESULTADOS: Foram 503 (58,3% pacientes do sexo masculino, com média de idade de 62,6 anos (±11,9. O diagnóstico na alta hospitalar foi de infarto agudo do miocárdio (IAM com supradesnivelamento do segmento ST (SST em 78 (9,1%, IAM sem SST em 238 (27,7%, angina instável (AI em 516 (60%, manifestação atípica da SCA (síncope ou dispnéia em dois (0,2% e dor torácica não cardíaca em 26 (3%. Foram medicados com betabloqueador em 87,9%, AAS em 95,9%, anti-trombínico em 89,9%, nitroglicerina EV em 86,2%, inibidor do receptor de glicoproteína (IGP IIb/IIIa em 6,4%, clopidogrel em 35,9%, inibidor da enzima conversora da angiotensina (IECA em 77,9% e estatina em 70,9%. A cinecoronariografia foi realizada em 72 pacientes (92,3% com IAM com SST e em 452 (59,8% com SCA sem SST (pOBJECTIVE: Describe clinical characteristics of patients (P admitted to hospital with suspected acute coronary syndrome (ACS, identifying medical treatment and in-hospital mortality. METHODS: Evaluated were 860 patients with ACS from January through December, 2003. We evaluated baseline characteristics, ACS mode of presentation, medication during hospital stay, indication for clinical treatment or myocardial revascularization (MR and in-hospital mortality. RESULTS: Five hundred and three (58.3% were male, mean age 62.6 years (± 11.9. Seventy-eight (9.1% were discharged with the diagnosis of acute ST-elevation myocardial infarction (STEMI, 238 (27.7% with non-ST-elevation myocardial infarction (non-STEMI, 516 (60

  10. Racionalidade e métodos do registro ACCEPT - Registro Brasileiro da Prática Clínica nas Síndromes Coronarianas Agudas da Sociedade Brasileira de Cardiologia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Alberto Piva e Mattos

    2011-08-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Aferição da prática clínica brasileira em pacientes com síndrome coronariana aguda, em hospitais públicos e privados, permitirá identificar os hiatos na incorporação de intervenções clínicas com benefício comprovado. OBJETIVO: Elaborar um registro de pacientes portadores do diagnóstico de síndrome coronariana aguda para aferir dados demográficos, morbidade, mortalidade e prática padrão no atendimento desta afecção. Ademais, avaliar a prescrição de intervenções baseadas em evidências, como a aspirina, estatinas, betabloqueadores e reperfusão, dentre outras. MÉTODOS: Estudo observacional do tipo registro, prospectivo, visando documentar a prática clínica hospitalar da síndrome coronária aguda, efetivada em hospitais públicos e privados brasileiros. Adicionalmente, serão realizados seguimento longitudinal até a alta hospitalar e aferição da mortalidade e ocorrência de eventos graves aos 30 dias, 6 e 12 meses. RESULTADOS: Os resultados serão apresentados um ano após o início da coleta (setembro de 2011 e consolidados após a reunião da população e dos objetivos posteriormente almejados. CONCLUSÃO: A análise desse registro multicêntrico permitirá projetar uma perspectiva horizontal do tratamento dos pacientes acometidos da síndrome coronariana aguda no Brasil.

  11. Níveis de PCR são maiores em pacientes com síndrome coronariana aguda e supradesnivelamento do segmento ST do que em pacientes sem supradesnivelamento do segmento ST Niveles de PCR son mayores en pacientes con síndrome coronario agudo y supradesnivel del segmento ST que en pacientes sin supradesnivel del segmento ST CRP levels are higher in patients with ST elevation than non-ST elevation acute coronary syndrome

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Syed Shahid Habib

    2011-01-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Há grande interesse no uso de proteína C-reativa de alta sensibilidade (PCR-as para avaliação de risco. Altos níveis de PCR-as no início da síndrome coronária aguda (SCA, antes da necrose tecidual, pode ser um marcador substituto para comorbidades cardiovasculares. OBJETIVO: Dessa forma, nosso objetivo foi estudar diferentes medidas de seguimento de níveis de PCR-as em pacientes com SCA e comparar as diferenças entre infarto do miocárdio sem elevação do segmento ST (NSTEMI com pacientes apresentando elevação do segmento ST (STEMI. MÉTODOS: Este é um estudo observacional. Dos 89 pacientes recrutados, 60 apresentavam infarto agudo do miocárdio (IAM. Três níveis seriados de PCR-us, a nível basal na hospitalização antes de 12 horas após inicio dos sintomas, níveis de pico 36-48 horas após hospitalização e níveis de acompanhamento após 4 a 6 semanas foram analisados e comparados entre pacientes com (IAMCSST e sem supradesnivelamento do segmento ST (IAMSSST. RESULTADOS: Pacientes com IAMCSST tinham IMC significantemente mais alta quando comparados com pacientes IAMSSST. Os níveis de creatino quinase fração MB (CK-MB e aspartato aminotransferase (AST eram significantemente mais altos em pacientes com IAMCSST quando comparados com pacientes com IAMSSST (pFUNDAMENTO: Hay gran interés en el uso de proteína C-reactiva de alta sensibilidad (PCR-as para evaluación de riesgo. Altos niveles de PCR-as en el comienzo del síndrome coronario agudo (SCA, antes de la necrosis tisular, puede ser un marcador sustituto para comorbilidades cardiovasculares. OBJETIVO: De esa forma, nuestro objetivo fue estudiar diferentes medidas de seguimiento de niveles de PCR-as en pacientes con SCA y comparar las diferencias entre infarto de miocardio sin elevación del segmento ST (NSTEMI con pacientes presentando elevación del segmento ST (STEMI. MÉTODOS: Este es un estudio observacional. De los 89 pacientes reclutados, 60

  12. Identificação das Síndromes Coronarianas Agudas (SCA na Medicina Tradicional Chinesa e utilização de acupuntura como terapia coadjuvante à prevenção de agravos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silene Celerino da Fonseca

    2012-06-01

    Full Text Available Introdução: As doenças cardiovasculares constituem a principal causa de morbimortalidade em homens emulheres no Brasil e no mundo. Incluem?se neste grupo de doenças, segundo o Ministério da Saúde: a AnginaEstável, Angina Instável e o Infarto Agudo do Miocárdio denominado de maneira global em SíndromesCoronarianas Agudas. O tratamento das SCA requer cuidado amplo e contínuo na busca da estabilidade clínicae melhora da qualidade de vida do paciente. Com o advento das práticas integrativas, a acupuntura tem?setornado mais evidente e tem estimulado os profissionais da Saúde a aplicá?la em diversas patologias. Estudoscientíficos demonstram que a ação no organismo induz à liberação de neurotransmissores que atuam no tônusvascular e na angina. A acupuntura também atua na redução do estresse, da ansiedade e melhora o bem estarfísico e emocional. Objetivo: O objetivo deste estudo foi identificar as síndromes energéticas envolvidas nosquadros de Síndromes Coronarianas Agudas e verificar a aplicabilidade da acupuntura como métodoterapêutico preventivo. Metodologia: Trata?se de uma revisão teórica realizada em bancos de dados da BVS,LILACS, SCIELO, BIREME e MEDLINE, com dezoito artigos, dezesseis livros, dois manuais, duas teses e umaresolução. Conclusão: A pesquisa permitiu identificar as relações da Síndrome Coronariana Aguda com asSíndromes energéticas descritas na Medicina Tradicional Chinesa. Essa associação é uma possibilidade para aprestação da assistência ao paciente com doença coronariana.

  13. Síndrome coronariana aguda em paciente com doença coronariana de alto risco no pós-operatório de colecistectomia videolaparoscópica

    OpenAIRE

    2007-01-01

    JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A isquemia miocárdica perioperatória é um evento incomum e quase sempre está relacionada com taquicardia e/ou hipotensão arterial em pacientes com doença coronariana de alto risco. RELATO DO CASO: Paciente do sexo masculino, 71 anos, diabético, hipertenso e com doença coronariana, submetido à colecistectomia videolaparoscópica. A anestesia foi induzida com propofol, cisatracúrio e remifentanil e mantida com sevoflurano e remifentanil. Durante o fechamento da parede ...

  14. Circunferência abdominal como preditor de evolução em 30 dias na síndrome coronariana aguda

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Priscilla Azambuja Lopes de Souza

    2011-05-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A circunferência abdominal (CA é a medida que mais se correlaciona com os fatores de risco e morte por doença cardiovascular. Entretanto, o impacto da obesidade no prognóstico de pacientes com doenças cardiovasculares permanece controverso e requer maiores esclarecimentos. OBJETIVO: Avaliar a CA como preditor de evolução em 30 dias em pacientes que internaram com síndrome coronariana aguda (SCA, em hospital de referência no tratamento de doenças cardiovasculares. MÉTODOS: Coorte contemporânea com 267 pacientes que internaram por SCA e que foram seguidos por 30 dias após a alta levando em consideração os eventos cardiovasculares maiores - MACE - (óbito, reinfarto, reinternação para procedimentos de revascularização. Nas primeiras 24 horas da admissão, os pacientes responderam a um questionário e posteriormente tiveram a CA mensurada. A análise estatística foi realizada com SPSS 17.0, utilizando o teste do Qui-quadrado para variáveis categóricas e o teste t de Student para as variáveis numéricas, com o nível de significância de p < 0,05. As variáveis que apresentaram valores de p < 0,10, na análise bivariada, foram incluídas em um modelo de regressão logística para avaliar o papel da CA como preditor independente de MACE. RESULTADOS: Após análise multivariável, apenas o gênero feminino (RC = 8,86; 95% IC:4,55-17,10; p < 0,00, hipertensão arterial sistêmica (RC = 2,06; 95% IC:1,10-3,87; p = 0,02 e história familiar de cardiopatia isquêmica (RC = 2,10; 95% IC:1,17-3,74; p = 0,01 permaneceram associados com os MACE. CONCLUSÃO: Em nosso estudo, a CA alterada não se associou à maior incidência de MACE em 30 dias de seguimento.

  15. Proteína C-reativa e prognóstico em síndromes coronarianas agudas: revisão sistemática e metanálise

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luís C. L. Correia

    2011-07-01

    Full Text Available A despeito da associação entre proteína C-reativa de alta sensibilidade (PCR e eventos recorrentes em síndromes coronarianas agudas sem supradesnível do segmento ST (SCA, a medida rotineira deste marcador não tem sido recomendada. No intuito de avaliar se as evidências científicas atuais justificam a incorporação da PCR para estratificação de risco na admissão hospitalar de pacientes com SCA, realizamos revisão sistemática e metanálise dos trabalhos indexados no MEDLINE, SCIELO ou LILACS, com os seguintes critérios de inclusão: desenho de coorte prospectiva e avaliação do valor prognóstico da PCR, mensurada por método de alta sensibilidade, no momento da admissão hospitalar de pacientes com SCA. Dezenove estudos preencheram os critérios de inclusão. Em relação ao seguimento de longo prazo, houve associação consistente entre PCR e eventos cardiovasculares, com odds ratio (OR global de 4,6 (95% IC = 2,3-7,6 e OR global multivariado de 2,5 (95% IC = 1,8-3,4. Quanto ao curto prazo, 9 estudos foram positivos e 6 estudos negativos, com OR global de 1,65 (95% IC = 1,2-2,3. O OR global multivariado não foi obtido para o seguimento de curto prazo, pois esta medida foi descrita em apenas três trabalhos heterogêneos. Somente dois trabalhos, de curto prazo, fizeram análise do valor preditor incremental da PCR em relação a modelos multivariados, com resultados contraditórios. Em conclusão, a escassez de avaliação do valor incremental da PCR, aliada a resultados controversos quanto ao valor preditor independente para eventos de curto prazo, não recomenda a utilização rotineira de PCR para estratificação de risco na admissão de SCA.

  16. Prevalência e influência da hiperglicemia de estresse no prognóstico em uma coorte de pacientes com síndrome coronariana aguda Influence on prognosis and prevalence of stress hyperglycemia in a cohort of patients with acute coronary syndrome

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata de Faria Modenesi

    2012-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Demonstrar a prevalência da hiperglicemia de estresse em coorte de pacientes com síndrome coronariana aguda e a correlação com óbito, insuficiência cardíaca e/ou disfunção ventricular esquerda sistólica, na fase intra-hospitalar. MÉTODOS: Estudo de coorte prospectiva inicial constituída por pacientes internados com síndrome coronariana aguda, com ou sem supradesnivelamento do segmento ST. Foram comparados os grupos para demonstrar a correlação entre hiperglicemia de estresse e eventos cardiovasculares. Na comparação entre os grupos com e sem hiperglicemia de estresse, foram usados o teste do qui-quadrado ou exato de Fisher, e o teste t de student. As variáveis com valor de pOBJECTIVE: To demonstrate the prevalence of stress hyperglycemia in a cohort of patients with acute coronary syndrome and to determine the correlation of stress hyperglycemia with death, heart failure and/or left ventricular systolic dysfunction during the intrahospital phase. METHODS: A prospective initial cohort study of hospitalized patients with acute coronary syndrome with or without ST segment elevation. The groups were compared to demonstrate the correlation between stress hyperglycemia and cardiovascular events. The chi-square test or Fisher's exact test and student's t-test were used to compare the groups with and without stress hyperglycemia. The variables with p<0.20 in the univariate analysis were submitted to logistic regression. RESULTS: In total, 363 patients with an average age of 12.45 ± 62.06 were studied. There was a predominance of males (64.2%. In total, 96 patients (26.4% presented with stress hyperglycemia. There were no differences between the groups with or without stress hyperglycemia. The area under the ROC curve was 0.67 for the relationship between stress hyperglycemia and the composite outcome heart failure, left ventricular systolic dysfunction or death at the end of the hospital admission. The ROC curve proved that

  17. Resposta circulatória à caminhada de 50 m na unidade coronariana, na síndrome coronariana aguda Respuesta circulatoria a la caminata de 50m en la unidad coronaria, en la síndrome coronaria aguda Circulatory response to a 50-m walk in the coronary care unit in acute coronary syndrome

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristiane Maria Carvalho Costa Dias

    2009-02-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Ausência de técnica padronizada e monitorada para iniciar a reabilitação de pacientes com síndrome coronariana aguda (SCA, na unidade coronariana. OBJETIVO: Descrever a técnica e a resposta circulatória à caminhada de 50 m (C50m. MÉTODOS: Estudo experimental, transversal, com 65 pacientes com SCA; destes 36 (54% com infarto agudo do miocárdio (IAM, Killip I; 29 (45,2% com angina instável (AI; 61,5% do sexo masculino, idade 62,8 ± 12,7 anos. Caminhada com início 45 ± 23 horas pós-internamento. Mensuraram-se pressão arterial sistólica (PAS mmHg e diastólica (PAD mmHg, freqüência cardíaca (FC bpm, duplo produto (PAS mmHg X FC bpm, saturação periférica de oxigênio (SpO2%, tempo de caminhada e percepção do esforço pela escala de Borg (EB. Obtiveram-se medições nas posições supina, sentada e ortostase (fase 1 - estresse gravitacional, no final da caminhada e pós-repouso de 5 minutos (fase 2 - estresse físico. RESULTADOS: Observou-se aumento da FC ao estresse gravitacional sentado (Δ = 4,18 e em ortostase (Δ = 2,69, (p 142 mmHg ao sentar associou-se com aumento significativo (p = 0,031 de 11 mmHg ao exercício em 13 pacientes com sobrepeso/obesidade e 85% com hipertensão. Verificaram-se efeitos adversos em 19 (29,2% pacientes, tonturas em 23,1%, com impedimento da caminhada em três deles. CONCLUSÃO: Nesta amostra, após 24 horas do evento coronariano, não se verificaram efeitos colaterais graves à C50m.FUNDAMENTO: Ausencia de técnica estandarizada y de monitoreo para iniciarse la rehabilitación de pacientes con síndrome coronaria aguda (SCA, en la unidad coronaria. OBJETIVO: Describir la técnica y la respuesta circulatoria a la caminata de 50m (C50m./ MÉTODOS: Estudio experimental, transversal, con 65 pacientes con SCA; el número de 36 (54% de ellos con infarto agudo de miocardio (IAM, Killip I; un total de 29 (45,2% con angina instable (AI; el 61,5% del sexo masculino, edad 62,8 ± 12,7 a

  18. Associação entre doença periodontal e síndrome coronariana aguda Association between periodontal disease and acute coronary syndrome

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael Luiz Rech

    2007-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a relação entre a DP e SCA e verificar a associação entre a DP e periodontite em pacientes com SCA. MÉTODOS: Foram incluídos 58 pacientes com diagnóstico de SCA e 57 controles, sem história de doença arterial coronariana (DAC. Variáveis: hipertensão arterial, diabete, dislipidemia, obesidade, história de DAC, tabagismo e polimorfismo genético do gene da interleucina-1beta. RESULTADOS: Fizeram parte do estudo 115 indivíduos. No grupo SCA, 58 pacientes foram avaliados, sendo 32 (55,2% do sexo masculino e 26 (44,8% do sexo feminino. No grupo controle, 57 indivíduos, sendo 32 (56,1% do sexo masculino e 25 (43,9% do sexo feminino. Verificou-se DP em 26 (44,8% pacientes com SCA e em 15 (26,6% pacientes do grupo controle (beta2 = 4,43, p = 0,04. Análise pela regressão logística, para a associação entre DP e SCA, demonstrou RC de 1,8 (IC 95%: 1,0-5,0; p = 0,24. A associação de periodontite com SCA apresentou RC: 4,5 (IC 95%: 1,3-15,6; p = 0,019. CONCLUSÃO: Não observamos associação independente entre a DP e SCA. Houve associação independente entre periodontite e SCA.OBJECTIVE: To evaluate the relationship between PD and ACS and the association of PD and periodontitis in ACS patients. METHODS: Fifty-eight ACS patients and 57 controls with no history of coronary artery disease (CAD were included in the study. Variables: arterial hypertension, diabetes, dyslipidemia, obesity, history of CAD, cigarette smoking, and interleukin-1beta gene polymorphism. RESULTS: One hundred and fifteen subjects were enrolled in the study. In the ACS group, 58 patients were evaluated, 32 of whom (55.2% were male and 26 (44.8%, female. In the control group, 57 subjects were evaluated, 32 (56.1% of whom were male and 25 (43.9%, female. Periodontal disease was diagnosed in 26 (44.8% ACS patients and 15 (26.6% control patients (beta2 = 4.43, p = 0.04. In a logistic regression analysis, the odds ratio for association between PD and ACS

  19. Análise de causalidade da relação entre sangramento e letalidade de Síndromes Coronarianas Agudas Causality analysis of the relationship between bleeding and lethality in Acute Coronary Syndromes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis Cláudio Lemos Correia

    2012-06-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Eventos hemorrágicos em Síndromes Coronarianas Agudas (SCA apresentam associação independente com óbito em registros multicêntricos internacionais. No entanto, essa associação não foi testada em nosso meio e a verdadeira relação causal entre sangramento e óbito não está plenamente demonstrada. OBJETIVO: Testar as hipóteses de que: (1 sangramento maior é preditor independente de óbito hospitalar em SCA; (2 a relação entre esses dois desfechos é causal. MÉTODOS: Incluídos pacientes com critérios pré-definidos de angina instável, infarto sem supradesnivelamento do ST ou infarto com supradesnivelamento do ST. Sangramento maior durante o internamento foi definido de acordo com os tipos 3 ou 5 da Classificação Universal de Sangramento. Regressão logística e análise da sequência de eventos foram utilizadas para avaliar a associação entre sangramento e óbito. RESULTADOS: Dentre 455 pacientes estudados, 29 desenvolveram sangramento maior (6,4%; 95%IC = 4,3-9,0%. Esses indivíduos apresentaram mortalidade hospitalar de 21%, comparados a 5,6% nos pacientes sem sangramento (RR = 4,0; 95%IC = 1,8-9,1; P = 0,001. Após ajuste para escore de propensão, sangramento maior permaneceu preditor de óbito hospitalar (OR = 3,34; 95%IC = 1,2-9,5; P = 0,02. Houve 6 óbitos dentre 29 pacientes que sangraram. No entanto, análise detalhada da sequência de eventos demonstrou relação causal em apenas um caso. CONCLUSÃO: (1 Sangramento maior é preditor independente de óbito hospitalar em SCA; (2 O papel do sangramento como marcador de risco predomina sobre seu papel de fator de risco para óbito. Essa conclusão deve ser vista como geradora de hipótese a ser confirmada por estudos de maior tamanho amostral. (Arq Bras Cardiol. 2012; [online].ahead print, PP.0-0BACKGROUND: Hemorrhagic events in Acute Coronary Syndromes (ACS have been independently associated with death in international multicenter registries. However, that

  20. Estudo da efetividade e da custo-efetividade de unidades dedicadas no atendimento às síndromes coronarianas agudas

    OpenAIRE

    André Luis Ferreira da Silva

    2013-01-01

    Introdução: Os serviços de emergência (SE) enfrentam o desafio de prestar cuidados de qualidade em face à superlotação. A ocorrência de tempos de espera prolongados e de excessiva permanência nos SE pode comprometer a qualidade do atendimento às doenças vasculares agudas através de erros diagnósticos ou do retardo na instituição de tratamentos para reperfusão tecidual, como nos casos de infarto agudo do miocárdio (IAM) e de acidente vascular cerebral (AVC). Em janeiro de 2006, foi implementad...

  1. Doença de Chagas aguda pós-transfusional sem miocardite

    OpenAIRE

    Evanil Pires de Campos; Izilda Maestá; Fernando C. de L. Schmidt; Roberto Sogayar; Cláudia E. O. Pires de Campos

    1988-01-01

    Trata-se de paciente do sexo feminino, com 59 anos de idade, procedente de Itaporanga (SP), diabética e nefropata crônica, internada em virtude de surtos de pielonefnte e insuficiência renal aguda. Dentre outras medidas terapêuticas, recebeu transfusão de sangue. Cerca de dois dias após a última transfusão (sangue oriundo de doador, posteriormente identificado como chagásico) encontraram-se formas tripomastigotas de Trypanosoma cruzi em lâmina preparada para execução de hemograma. Iniciou-se ...

  2. Doença de Chagas aguda pós-transfusional sem miocardite

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Evanil Pires de Campos

    1988-12-01

    Full Text Available Trata-se de paciente do sexo feminino, com 59 anos de idade, procedente de Itaporanga (SP, diabética e nefropata crônica, internada em virtude de surtos de pielonefnte e insuficiência renal aguda. Dentre outras medidas terapêuticas, recebeu transfusão de sangue. Cerca de dois dias após a última transfusão (sangue oriundo de doador, posteriormente identificado como chagásico encontraram-se formas tripomastigotas de Trypanosoma cruzi em lâmina preparada para execução de hemograma. Iniciou-se tratamento com Benzonidazol. A paciente cursou para, pleuropneumonia e de secreção purulenta cirúrgica isolou-se Klebsiella spp. A septicemia conduziu a paciente ao êxito letal. Nenhuma lesão tecidual foi observada no miocárdio, no sistema nervoso central, adrenal ou nos demais órgãos examinados.

  3. Gravidade da lesão angiográfica coronariana e polimorfismo da APOE nas síndromes coronarianas agudas Severidad de la lesión angiográfica coronaria y polimorfismo de la APOE en los síndromes coronarios agudos Severity of angiographic coronary obstruction and the apolipoprotein E polymorphism in acute coronary syndromes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Arlisa Monteiro de Castro Dias

    2009-09-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Existem evidências de associação entre o polimorfismo da apolipoproteína E (APOE e a doença coronariana, entretanto há controvérsias. OBJETIVO: Avaliar a associação entre o número de vasos coronarianos acometidos por obstrução significativa definida por angiografia, o polimorfismo da APOE e as variáveis clínicas. MÉTODOS: Estudo transversal multicêntrico que envolveu 207 pacientes (138 homens com síndrome coronariana aguda (SCA em Niterói (RJ - Brasil, os quais realizaram angiografia coronariana e determinação do genótipo para o polimorfismo APOE *2*3*4, pelo método de Restriction Fragment Length Polymorphism (RFLP. RESULTADOS: A frequência dos alelos APOE *2 foi de 6,8%, *3 foi de 82,5%, e *4 foi de 10,7%. Quanto ao número de vasos lesados, 27% dos pacientes apresentavam obstrução uniarterial, 33,8%, biarterial, e 39,1%, triarterial ou de tronco da coronária esquerda. O grau de lesão multivascular não se relacionou com a presença do alelo *4 (p = 0,78, mas com a idade > 55 anos (p = 0,025, o ex-tabagismo (p = 0,004 e a dislipidemia (p = 0,05 na análise multivariada e com doença arterial coronariana prévia (p = 0,05, diabete (p = 0,038 e síndrome metabólica (p = 0,021 na análise univariada. A prevalência de dislipidemia, diabete e hipertensão arterial sistêmica (HAS foi elevada em relação a estudos semelhantes, com aumento progressivo da prevalência de HAS (p = 0,59 e de diabete (p = 0,06, de acordo com o número de vasos lesados. CONCLUSÃO: O polimorfismo da APOE não se associou ao número de vasos coronarianos com obstrução significativa em qualquer faixa etária. Por outro lado, a idade > 55 anos, o ex-tabagismo e a dislipidemia associaram-se à lesão multivascular.FUNDAMENTO: Hay evidencias de asociación entre el polimorfismo de la apolipoproteína E (APOE y la enfermedad coronaria, sin embargo hay controversias. OBJETIVO: Evaluar la asociación entre el número de vasos coronarios

  4. Doença de Chagas aguda pós-transfusional sem miocardite

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Evanil Pires de Campos

    1988-12-01

    Full Text Available Trata-se de paciente do sexo feminino, com 59 anos de idade, procedente de Itaporanga (SP, diabética e nefropata crônica, internada em virtude de surtos de pielonefnte e insuficiência renal aguda. Dentre outras medidas terapêuticas, recebeu transfusão de sangue. Cerca de dois dias após a última transfusão (sangue oriundo de doador, posteriormente identificado como chagásico encontraram-se formas tripomastigotas de Trypanosoma cruzi em lâmina preparada para execução de hemograma. Iniciou-se tratamento com Benzonidazol. A paciente cursou para, pleuropneumonia e de secreção purulenta cirúrgica isolou-se Klebsiella spp. A septicemia conduziu a paciente ao êxito letal. Nenhuma lesão tecidual foi observada no miocárdio, no sistema nervoso central, adrenal ou nos demais órgãos examinados.D.E. O., a 59 years old white female bom in Paranagua (PR, came from Itaporanga with Kimmelstiel Wilson nephropathy diabetes and pyelonephritis with acute renal failure followed by a nephrectomy. Anaemia and malnutrition led to blood transfusions before and after surgery. On the 34th day, she developed high fever, prostration, agressivity with mental confusion, abdominal cramps and diarrhea. Trypanosomes were seen in peripheral blood smears. Haemoculture and xenodiagnosis was positive. A complement fixation test was negative. Benznidazole (6 mg/kg/day was started. During treatment she presented pulmonary infection and a surgical purulent secretion showed Klebsiella sp. Despite intensive medical care she died of sepsis. Autopsy revealed evidence of diabetes mellitus (glomerulosclerosis, hepatic lesions, pancreatic fibrosis and generalised arteriolar disease. No chagasic lesions were detected in the heart, central nervous system, adrenal or other tissues.

  5. Anticorpos contra LDL-ox e síndrome coronariana aguda Anticuerpos contra LDL-ox y síndrome coronario agudo Antibodies against OxLDL and acute coronary syndrome

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Maria Brito Medeiros

    2010-07-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A oxidação da lipoproteína de baixa densidade (LDL-ox induz à formação de epítopos imunogênicos na molécula. A presença de autoanticorpos contra a LDL-ox tem sido demonstrada no soro de pacientes com doença arterial coronariana (DAC. Contudo, o papel desses autoanticorpos na fisiopatologia das síndromes coronarianas agudas (SCA e o seu significado clínico permanecem indefinidos. OBJETIVO: Avaliar a associação entre autoanticorpos contra a LDL-ox e SCA. MÉTODOS: Os títulos de imunoglobulina G autoanticorpos contra a LDL-ox por cobre (antiLDL-ox e contra o peptídeo sintético D derivado da apolipoproteína B (antipeptD foram determinados por ensaio imunoenzimático (ELISA em 90 pacientes, nas primeiras 12h de SCA (casos e em 90 pacientes com DAC crônica (controles. RESULTADOS: Os resultados mostraram que os títulos de antiLDL-ox foram significativamente mais elevados (p = 0,017 nos casos (0,40 ± 0,22, do que nos controles (0,33 ± 0,23. Por outro lado, os títulos de antipeptD foram significativamente menores (p FUNDAMENTO: La oxidación de la lipoproteína de baja densidad (LDL-ox induce a la formación de epítopos inmunogénicos en la molécula. La presencia de autoanticuerpos contra la LDL-ox ha sido demostrada en el suero de pacientes con enfermedad arterial coronaria (EAC. No obstante eso, el papel de esos autoanticuerpos en la fisiopatología de los síndromes coronarios agudos (SCA y su significado clínico permanecen indefinidos. OBJETIVO: Evaluar la asociación entre autoanticuerpos contra la LDL-ox y SCA. MÉTODOS: Los títulos de inmunoglobulina G autoanticuerpos contra la LDL-ox por cobre (antiLDL-ox y contra el péptido sintético D derivado de la apolipoproteína B (antipeptD fueron determinados por ensayo inmunoenzimático (ELISA en 90 pacientes, en las primeras 12h de SCA (casos y en 90 pacientes con EAC crónica (controles. RESULTADOS: Los resultados mostraron que los títulos de antiLDL-ox fueron

  6. Valor prognóstico do Escore de Risco GRACE versus Escore de Risco TIMI em síndromes coronarianas agudas Valor pronóstico del score de riesgo GRACE versus score de riesgo TIMI en síndromes coronarios agudos Prognostic Value of GRACE Scores versus TIMI Score in acute coronary syndromes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis C. L. Correia

    2010-05-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Embora o Escore de Risco TIMI seja o mais utilizado em síndromes coronarianas agudas sem supradesnível do segmento ST (SCA, o Escore GRACE tem potencial superioridade prognóstica, pois foi criado a partir de um registro observacional, parte das variáveis são tratadas de forma semiquantitativa e a função renal é computada em seu cálculo. OBJETIVO: Testar a hipótese de que o Escore de Risco GRACE tem superior valor prognóstico hospitalar, comparado ao Escore TIMI em pacientes admitidos com SCA. MÉTODOS: Foram incluídos indivíduos com angina instável ou infarto do miocárdio sem supradesnível do segmento ST, consecutivamente internados em unidade coronariana entre agosto de 2007 e janeiro de 2009. RESULTADOS: Foram estudados 154 pacientes, idade 71 ± 13 anos, 56% do gênero feminino, mediana do GRACE de 117 e mediana do TIMI de 3. Durante o período de internamento, a incidência de eventos foi 8,4% (12 óbitos e 1 infarto não fatal. O teste de Hosmer-Lemeshow aplicado ao Escore GRACE apresentou χ2 de 5,3 (P = 0,72, enquanto Escore TIMI apresentou χ2 de 1,85 (P = 0,60. Desta forma, ambos os escores apresentaram boa calibração. Quanto à análise de discriminação, o Escore GRACE apresentou estatística-C de 0,91 (95% IC = 0,86 - 0,97, significativamente superior à estatística-C de 0,69 do Escore TIMI (95% IC = 0,55 - 0,84 - P = 0,02 para diferença entre os escores. CONCLUSÃO: Em relação à predição de eventos hospitalares em pacientes com SCA, o Escore GRACE tem superior capacidade prognóstica quando comparado ao Escore TIMI.FUNDAMENTO: Aunque el Score de Riesgo TIMI sea el más utilizado en síndromes coronarios agudos sin supradesnivel del segmento ST (SCA, el Score GRACE tiene potencial superioridad pronóstica, pues fue creado a partir de un registro observacional, parte de las variables son tratadas de forma semicuantitativa y la función renal se computa en su cálculo. OBJETIVO: Probar la hip

  7. Avaliação da relação neutrófilos/linfócitos em pacientes com suspeita de síndrome coronariana aguda An assessment of neutrophils/lymphocytes ratio in patients suspected of acute coronary syndrome

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Denise Zazula

    2008-01-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A contagem total de leucócitos é um marcador de risco independente para eventos cardiovasculares. A relação entre a contagem de neutrófilos e linfócitos (N/L tem sido explorada como novo preditor de risco cardiovascular, mas seu papel diagnóstico na avaliação de pacientes com suspeita de síndrome coronariana aguda (SCA é desconhecido. OBJETIVO: Avaliar o valor diagnóstico da relação N/L em pacientes admitidos com suspeita de SCA em uma Unidade de Dor Torácica (UDT. MÉTODOS: Foram avaliados 178 pacientes admitidos com dor torácica, seguindo fluxograma diagnóstico conforme aspectos clínicos, eletrocardiográficos e laboratoriais. Os diagnósticos estabelecidos foram: infarto agudo do miocárdio com (IAMEST e sem elevação de segmento ST (IAMSEST, angina instável (AI e dor não-cardíaca (NC. Contagens total e diferencial de leucócitos foram realizadas em amostra de sangue periférico coletada na admissão. RESULTADOS: Pacientes com dor diagnosticada como não-cardíaca apresentaram a menor relação N/L (n = 45; 3,0 ± 1,6, seguidos por AI (n = 65; 3,6 + 2,9, IAMSEST (n = 33; 4,8 ± 3,7 e IAMEST (n = 35; 6,9 ± 5,7 (p BACKGROUND: Leukocytes total count is an independent risk marker for cardiovascular events. The ratio between neutrophils and lymphocytes (N/L count has been investigated as a new predictor for cardiovascular risk, although its diagnostic role when assessing patients suspected of an acute coronary syndrome (ACS condition is not yet known. OBJECTIVE: To evaluate the diagnostic power of N/L ratio in patients who have been admitted at a Chest Pain Unit (CPU with the suspicion of ACS. METHODS: Evaluation was conducted in 178 patients admitted with chest pain. Diagnostic flowchart including clinical, electrocardiographic, and laboratory data. Diagnosis obtained was: acute myocardial infarction (AMI with (AMI-STE and with no segment T elevation (AMI-NSTE, unstable angina (UA and non-cardiac pain (NC. Total

  8. Prevalência de fatores de risco para Síndrome Coronariana aguda em pacientes atendidos em uma emergência Prevalencia de los factores de riesgo para el Síndrome Coronario agudo en los pacientes tratados en una emergencia Prevalence of risk factors for acute Coronary Syndrome in patients treated in an emergency

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Karine Franke Lemos

    2010-03-01

    Full Text Available Objetivou-se caracterizar o perfil do paciente portador de Síndrome Coronária Aguda (SCA atendido em um serviço de emergência de Porto Alegre, Rio Grande do Sul, no que se refere aos fatores de risco. Estudo de prevalência entre agosto de 2007 e fevereiro de 2008. Para coleta de dados, foi utilizado um questionário, consulta ao prontuário e aferição de medidas antropométricas. Foram avaliados 152 pacientes com SCA, 63,8% do sexo masculino, idade média de 61±10,26 anos. Com diagnóstico de infarto agudo do miocárdio sem supradesnivelamento de ST em 50,7%, infarto agudo do miocárdio com supradesnivelamento de ST em 14,5% e angina instável em 34,9%. Os fatores de risco foram: sedentarismo (86,8%; sobrepeso e obesidade (77%; hipertensão arterial sistêmica (75,7%; história familiar (56,6%; estresse (52,6%; dislipidemia (44,7%; diabete mellitus (40,1%; tabagismo (39,5%; e ingesta de álcool (14,4%. Constatou-se uma alta prevalência de fatores de risco para SCA, necessitando de programas de educação em saúde, visando reduzir a morbi-mortalidade.Propusimos caracterizar el perfil de pacientes portador del Síndrome Coronariana Agudo (SCA en un servicio de emergencia de Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, en lo que se refiere a los factores de riesgo. Estudio de prevalencia entre agosto/2007 y febrero/2008. Para la colecta de datos, fue utilizado un cuestionario, consulta al prontuario y contraste de medidas antropométricas. Fueron avaliados 152 pacientes con SCA, 63,8% de sexo masculino, edad media de 61 ± 10,26 años. Con diagnóstico de infarto agudo del miocardio sin elevación ST en 50,7%, infarto agudo del miocardio con elevación ST en 14,5% y angina inestable 34,9%. Los factores de riesgo fueron, sedentarismo (86,8%; sobrepeso y obesidad (77%; hipertensión arterial sistémica (75,7%; histórico familiar (56,6%; estrés (52,6%; dislipidemía (44,7%; diabetes mellitus (40,1%; tabaquismo (39,5%; ingetión de alcohol(14

  9. Clinical evolution of patients hospitalized due to the first episode of Acute Coronary Syndrome Evolución clínica de pacientes internados debido el primer episodio de la Síndrome Aguda de las Coronarias Evolução clinica de pacientes internados em decorrência do primeiro episódio da Síndrome Coronariana Aguda

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gislaine Pinn Gil

    2012-10-01

    realización de revascularización del miocardio fue diferente en los dos grupos.OBJETIVO: avaliar a evolução clínica de pacientes internados pelo primeiro episódio da síndrome coronariana aguda (SCA, segundo sua manifestação clínica. MÉTODOS: foram coletados dados de 234 pacientes internados entre maio de 2006 e julho de 2009, em decorrência do primeiro episódio de uma SCA, mediante consultas aos prontuários. RESULTADOS: a maioria (59,8% foi internada devido ao infarto agudo do miocárdio (IAM. No grupo com IAM, 19,3% apresentaram complicações e 12,8% no grupo com angina instável (AI (p=0,19. A realização de angioplastia foi maior entre os pacientes com IAM do que com AI (p=0,02 e a cirurgia de revascularização foi mais realizada entre os pacientes com AI (p=0,03. A maioria (227 - 97% sobreviveu ao evento coronariano. Entre os sete pacientes que morreram na internação, quatro tinham IAM (2,9% e três AI (3,2%. CONCLUSÕES: houve maior número de complicações entre os infartados e a realização de revascularização do miocárdio foi diferente nos dois grupos.

  10. Análise em longo prazo na síndrome coronariana aguda: existem diferenças na morbimortalidade? Análisis a largo plazo en el síndrome coronario agudo: ¿Existen diferencias en la morbimortalidad? Long-term analysis in acute coronary syndrome: are there any differences in morbidity and mortality?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adolfo Alexandre Farah de Aguiar

    2010-12-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A insuficiência cardíaca (IC tem grande importância como preditor de morbimortalidade em pacientes com síndrome coronariana aguda (SCA. OBJETIVO: Avaliar os preditores de morbimortalidade na SCA em longo prazo. MÉTODOS: Foi um estudo de coorte de 403 pacientes consecutivos com queixas de dor torácica. Descreveram-se dados demográficos, clínicos, laboratoriais e terapêuticos, sendo avaliados durante a internação e até oito anos após alta, em relação à presença ou ausência de eventos cardiovasculares e óbitos. RESULTADOS: Foram 403 pacientes com queixas de dor torácica, em que 65,8% apresentavam diagnóstico de SCA sem supra de ST, 27,8% SCA com supra de ST e 6,5% sem SCA. Destes, foram avaliados os 377 pacientes com SCA, em que 37,9% eram do sexo feminino, e a média de idade foi de 62,2 ± 11,6 anos. A presença de IC antes ou durante a hospitalização influenciou a mortalidade. Dos fatores prognósticos, a creatinina inicial merece destaque, sendo o ponto de corte de 1,4 mg/dl (acurácia = 62,1%; HR = 3,27; p FUNDAMENTO: La insuficiencia cardíaca (IC tiene gran importancia como predictor de morbimortalidad en pacientes con síndrome coronario agudo (SCA. OBJETIVO: Evaluar los predictores de morbimortalidad en la SCA a largo plazo. MÉTODOS: Fue un estudio de cohorte de 403 pacientes consecutivos con quejas de dolor torácico. Se describieron datos demográficos, clínicos, de laboratorio y terapéuticos, siendo evaluados durante la internación y hasta ocho años después del alta, en relación a la presencia o ausencia de eventos cardiovasculares y óbitos. RESULTADOS: Fueron 403 pacientes con quejas de dolor torácica, en que 65,8% presentaban diagnóstico de SCA sin supra de ST, 27,8% SCA con supra de ST y 6,5% sin SCA. De estos, fueron evaluados los 377 pacientes con SCA, en que 37,9% eran del sexo femenino, y la media de edad fue de 62,2±11,6 años. La presencia de IC antes o durante la hospitalizaci

  11. Presence of depressive symptoms in patients with a first episode of acute Coronary Syndrome Presencia de síntomas depresivos en pacientes con primer episodio de Síndrome coronario agudo Presença de sintomas depressivos em pacientes com primeiro episódio de Síndrome coronariana aguda

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carina Aparecida Marosti Dessotte

    2013-02-01

    , pues sabemos que la depresión dificulta el control de la coronariopatia.OBJETIVO: comparar possíveis diferenças quanto à presença de sintomas depressivos, segundo o diagnóstico clínico da síndrome coronariana aguda, sexo e faixa etária, uma semana antes do primeiro evento cardíaco. MÉTODO: estudo transversal, descritivo e exploratório, que utilizou o Inventário de Depressão de Beck. A amostra foi composta por 253 pacientes. RESULTADOS: os pacientes com diagnóstico clínico de angina instável, do sexo feminino e com idade inferior a sessenta anos relataram, com maior frequência, a presença de sintomas depressivos. CONCLUSÕES: elevada porcentagem de pacientes apresentava sintomas depressivos no momento da internação pelo primeiro episódio da síndrome coronariana aguda, e essa prevalência foi significativamente maior entre as mulheres, com menos de 60 anos e com angina instável. Esses resultados deverão embasar o atendimento na internação, alta e planejamento da reabilitação desses pacientes, pois se sabe que a depressão dificulta o controle da coronariopatia.

  12. Perfil glicometabólico inicial em pacientes com síndrome coronariana aguda e síndrome metabólica Perfil glucometabólico inicial en pacientes con síndrome coronario agudo y síndrome metabólico Early glucometabolic profile in patients with acute coronary syndromes and metabolic syndrome

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos M. C. Monteiro

    2009-02-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Pacientes com síndrome metabólica (SM têm alto risco coronariano e a disfunção da célula beta ou resistência à insulina pode prever um risco adicional de eventos cardiovasculares precoces. OBJETIVO: Avaliar as alterações glicometabólicas precoces em pacientes com SM, mas sem diagnóstico de diabete tipo 2, após síndrome coronariana aguda. MÉTODOS: Um total de 114 pacientes foi submetido ao teste oral de tolerância à glicose (TOTG, 1-3 dias da alta hospitalar, após infarto agudo do miocárdio ou angina instável. Baseado no TOTG, definimos três grupos de pacientes: tolerância normal à glicose (TNG; n=26, tolerância alterada à glicose (TAG; n=39 ou diabetes mellitus (DM; n=49. O Modelo de Avaliação da Homeostase (HOMA-IR foi usado para estimar a resistência à insulina; a responsividade da célula beta foi avaliada através do índice insulinogênico de 30 minutos (ΔI30/ΔG30. RESULTADOS: Baseado no HOMA-IR, os pacientes com DM eram mais insulino-resistentes do que aqueles com TNG ou TAG (pFUNDAMENTO: Pacientes con síndrome metabólico (SM tienen alto riesgo coronario y la disfunción de la célula beta o la resistencia a la insulina puede prever un riesgo adicional de eventos cardiovasculares precoces. OBJETIVO: Evaluar las alteraciones glucometabólicas precoces en pacientes con SM, pero sin diagnóstico de diabetes tipo 2, tras el síndrome coronario agudo. MÉTODOS: Un total de 114 pacientes fue sometido a la prueba oral de tolerancia a la glucosa (POTG, de un a tres días tras el alta hospitalaria, y luego de infarto agudo de miocardio o angina inestable. Basado en el POTG, definimos tres grupos de pacientes: tolerancia normal a la glucosa (TNG; n=26, tolerancia alterada a la glucosa (TAG; n=39 o diabetes mellitus (DM; n=49. Se utilizó el Modelo de Evaluación de la Homeostasis (HOMA-IR para estimarse la resistencia a la insulina; se evaluó la responsividad de la célula beta a través del

  13. Síndrome coronariana aguda em paciente com doença coronariana de alto risco no pós-operatório de colecistectomia videolaparoscópica Síndrome coronario agudo en paciente con enfermedad coronaria de alto riesgo en el postoperatorio de colecistectomía videolaparoscópica Acute coronary syndrome in a patient with severe coronary artery disease after laparoscopic cholecystectomy

    OpenAIRE

    2007-01-01

    JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A isquemia miocárdica perioperatória é um evento incomum e quase sempre está relacionada com taquicardia e/ou hipotensão arterial em pacientes com doença coronariana de alto risco. RELATO DO CASO: Paciente do sexo masculino, 71 anos, diabético, hipertenso e com doença coronariana, submetido à colecistectomia videolaparoscópica. A anestesia foi induzida com propofol, cisatracúrio e remifentanil e mantida com sevoflurano e remifentanil. Durante o fechamento da parede ...

  14. Síndrome coronariana aguda em paciente com doença coronariana de alto risco no pós-operatório de colecistectomia videolaparoscópica Síndrome coronario agudo en paciente con enfermedad coronaria de alto riesgo en el postoperatorio de colecistectomía videolaparoscópica Acute coronary syndrome in a patient with severe coronary artery disease after laparoscopic cholecystectomy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriano Bechara de Souza Hobaika

    2007-08-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A isquemia miocárdica perioperatória é um evento incomum e quase sempre está relacionada com taquicardia e/ou hipotensão arterial em pacientes com doença coronariana de alto risco. RELATO DO CASO: Paciente do sexo masculino, 71 anos, diabético, hipertenso e com doença coronariana, submetido à colecistectomia videolaparoscópica. A anestesia foi induzida com propofol, cisatracúrio e remifentanil e mantida com sevoflurano e remifentanil. Durante o fechamento da parede o paciente apresentou hipertensão arterial, sem alterações ao ECG. A velocidade de infusão de remifentanil foi aumentada e, após cinco minutos, o paciente apresentou bloqueio atrioventricular total associado à redução da pressão arterial média (PAM. Após a administração de 1,0 mg de atropina e 0,1 mg de adrenalina, o paciente apresentou taquicardia temporária e a PAM se normalizou. Ele foi transferido consciente e extubado para UTI, onde, após 12 horas, apresentou dor precordial e ECG com infradesnivelamento ST de V4 a V6. O ecocardiograma revelou boa função sistólica, sem alterações segmentares e curva de CK-MB normal. O paciente foi tratado em protocolo de angina instável. CONCLUSÕES: O paciente apresentava risco aumentado para isquemia pós-operatória e foi submetido a um procedimento no qual as alterações hemodinâmicas são profundas. É sabido que instabilidades hemodinâmicas perioperatórias em pacientes com doença coronariana aumentam o risco de síndromes coronarianas no pós-operatório e estas podem ocorrer até 72 horas após o ato cirúrgico, apresentando-se, na maioria dos casos, de forma silenciosa. A administração pré-operatória de betabloqueadores e, mais recentemente, de estatinas têm se mostrado eficiente na redução de eventos isquêmicos perioperatórios nesses pacientes.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La isquemia miocárdica perioperatoria es un evento no común y está relacionada frecuentemente

  15. Perfil clínico-angiográfico na doença arterial coronariana: desfecho hospitalar com ênfase nos muito idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Micheli Zanotti Galon

    2010-10-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Conhecer fatores de risco e manifestações clínicas da doença arterial coronariana (DAC permite-nos intervir de maneira mais eficaz junto a uma determinada população. OBJETIVO: Identificar perfis clínicos e angiográficos dos pacientes submetidos a cateterismo cardíaco, atendidos em um hospital terciário e tratados por meio de intervenções coronarianas percutâneas (ICP. MÉTODOS: Casuística de 1.282 pacientes submetidos a 1.410 cateterismos cardíacos, selecionados de mar/2007-mai/2008 em um banco de dados de um hospital geral para diagnóstico de doença arterial coronariana (DAC. Fatores de risco, indicação do exame, detalhes técnicos da ICP e desfechos intra-hospitalares foram prospectivamente coletados. RESULTADOS: Foram 688 (54,0% pacientes do sexo masculino, com média de idade de 65,4 ± 10,9 anos, sendo 20,0% acima dos 75 anos. O quadro clínico confirmado com mais frequência foi o de síndrome coronariana aguda (SCA sem supradesnivelamento do segmento ST (SST (38,7%. A DAC multiarterial ocorreu em 46,4%, foi indicada ICP em 464 pacientes, sendo tratadas 547 lesões-alvo (tipo B2 ou C, em 86,0%, sendo destas, 14,0% tratadas com stent farmacológico. Dentre os IAM com SST, ICP primária foi realizada em 19,0% dos pacientes, sendo que, destes, 77,0% foram transferidos dos hospitais de origem tardiamente (ICP tardia e não receberam trombolítico prévio, e 4,0% realizaram ICP de resgate. Foi obtido sucesso angiográfico em 94,2% das ICPs. Aconteceu óbito em 5,6% dos pacientes, tendo estes uma média de idade de 75,2 ± 10,2 anos. CONCLUSÃO: Observamos predomínio de idosos (estando 20,1% > 75 anos e do sexo masculino. Dos fatores de risco para DAC, os mais frequentes foram hipertensão arterial sistêmica e dislipidemia. Ocorreu predomínio da SCA. A idade > 75 anos, DAC multiarterial e a insuficiência renal crônica foram os preditores de óbito intra-hospitalar.

  16. Utilização de terapêuticas comprovadamente úteis no tratamento da coronariopatia aguda: comparação entre diferentes regiões brasileiras. Análise do Registro Brasileiro de Síndromes Coronarianas Agudas (BRACE - Brazilian Registry on Acute Coronary Syndromes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Carlos Nicolau

    2012-04-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Pouco se sabe, em nosso meio, sobre diferenças regionais no tratamento da coronariopatia aguda. OBJETIVO: Analisar o comportamento regional relativamente à utilização de terapêuticas comprovadamente úteis na coronariopatia aguda. MÉTODOS: Foram selecionados aleatoriamente 71 hospitais, respeitando-se a proporcionalidade do país em relação à localização geográfica, entre outros critérios. Na população global, foi analisada regionalmente a utilização de AAS, clopidogrel, inibidor da ECA/bloqueador de AT1, betabloqueador e estatina, isoladamente e agrupados por escore individual que variou de 0 (nenhum medicamento utilizado a 100 (todos utilizados. No infarto com supradesnivelamento de ST (IAMCSST foram analisadas diferenças regionais sobre utilização de terapêuticas de recanalização (fibrinolíticos e angioplastia primária. RESULTADOS: No global da população, nas primeiras 24 horas de hospitalização, a média de escore na região Norte-Nordeste (70,5 ± 22,1 foi menor (p < 0,05 do que nas regiões Sudeste (77,7 ± 29,5, Centro-Oeste (82 ± 22,1 e Sul (82,4 ± 21. Por ocasião da alta, o escore da região Norte-Nordeste (61,4 ± 32,9 foi menor (p < 0,05 do que nas regiões Sudeste (69,2 ± 31,6, Centro-Oeste (65,3 ± 33,6, e Sul (73,7 ± 28,1; adicionalmente, o escore do Centro-Oeste foi menor (p < 0,05 do que o do Sul. No IAMCSST, o uso de terapêuticas de recanalização foi maior no Sudeste (75,4%, p = 0,001 em relação ao restante do país, e menor no Norte-Nordeste (52,5%, p < 0,001 em relação ao restante do país. CONCLUSÃO: O uso de terapêuticas comprovadamente úteis no tratamento da coronariopatia aguda está aquém do desejável no país, com importantes diferenças regionais.

  17. Suspeita de Apneia Obstrutiva do Sono definida pelo Questionário de Berlim prediz eventos em pacientes com Síndrome Coronariana Aguda Sospecha de apnea obstructiva del sueño definida por el cuestionario de Berlín predice eventos en pacientes con síndrome coronario agudo Suspicion of Obstructive Sleep Apnea by Berlin Questionnaire predicts events in patients with Acute Coronary Syndrome

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eryca Vanessa S. de Jesus

    2010-09-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: De um ponto de vista mecanístico, a apneia obstrutiva do sono (SAOS pode causar distúrbios extras à homeostase cardiovascular na presença de síndrome coronariana aguda (SCA. OBJETIVO: Investigar se um diagnóstico clínico padronizado de SAOS, em pacientes com SCA, prediz o risco de eventos cardiovasculares durante hospitalização. MÉTODOS: Em um estudo de coorte prospectivo, um grupo de 200 pacientes com diagnóstico de SCA estabelecido entre Setembro de 2005 e Novembro de 2007, foram estratificados pelo Questionário de Berlim (QB para o risco de SAOS (alto ou baixo risco. Foi testado se o subgrupo de alto risco para SAOS apresenta maior tendência à eventos cardiovasculares. O endpoint primário avaliado foi um desfecho composto de morte cardiovascular, eventos cardíacos isquêmicos recorrentes, edema pulmonar agudo e acidente vascular cerebral durante a hospitalização. RESULTADOS: Noventa e quatro (47% dos pacientes identificados pelo QB apresentavam suspeita de SAOS. Alto risco para SAOS estava associado com uma mortalidade mais elevada, embora sem diferença estatística (4,25% vs 0,94%; p=0,189, mas com uma estatisticamente significante maior incidência de desfecho composto de eventos cardiovasculares (18,08% vs 6,6%; p=0,016. No modelo de regressão logística, os preditores multivariados de desfecho composto de eventos cardiovasculares foram idade (OR = 1,048; IC95%: 1,008 a 1,090; p=0,019, fração de ejeção do VE (OR = 0,954; IC95%: 0,920 a 0,989; p=0,010, e risco mais elevado de SAOS (OR = 3,657; IC95%: 1,216 a 10,996; p=0,021. CONCLUSÃO: O uso de um questionário simples e validado (QB para identificar pacientes com risco mais elevado de SAOS pode ajudar a prever o desfecho cardiovascular durante a hospitalização. Além disso, nossos dados sugerem que SAOS é muito comum em pacientes com SCA.FUNDAMENTO: Desde un punto de vista mecanístico, la apnea obstructiva del sueño (SAOS puede ocasionar disturbios

  18. Pesquisa de Campylobacter jejuni e Campylobacter coli em espécimes fecais de crianças com diarreia aguda e sem diarreia

    OpenAIRE

    Lidiane Azevedo Silva

    2012-01-01

    A doença diarreica aguda é considerada um problema de saúde pública associado a taxas elevadas de morbimortalidade, que acomete, especialmente, a população pediátrica de nível socioeconômico baixo. Entre os agentes bacterianos diarreiogênicos, merece menção Campylobacter, com destaque para as espécies Campylobacter jejuni e Campylobacter coli. Embora a relevância do organismo seja reconhecida, estudos nacionais referentes à sua prevalência são bastante escassos. O objetivo desta investigação ...

  19. Validação de um escore para predição de eventos hemorrágicos em síndromes coronarianas agudas Validación de un escore para predicción de eventos hemorrágicos en síndromes coronarios agudos Validation of a score for predicting bleeding events during acute coronary syndromes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis C. L. Correia

    2010-10-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Sangramento é uma complicação grave em pacientes tratados para síndromes coronarianas agudas (SCA com antitrombóticos e terapias invasivas. Consequentemente, o benefício dessas terapias deve ser analisado contra os potenciais riscos de complicações hemorrágicas. Desta forma, a determinação de um escore para estimar o risco individual de sangramento pode representar uma importante ferramenta na tomada de decisões clínicas. OBJETIVO: Criar e validar um escore de risco de sangramento para pacientes com SCA. MÉTODOS: Foram utilizados preditores independentes de sangramento relatados pelo Registro GRACE. Variáveis com odds ratio (OR > 2,5 nesse Registro somaram 3 pontos (histórico anterior de sangramento, OR=1,5-2,4 somaram 2 pontos (clearance de creatinina 30, infra ou supra-desnivelamento do segmento ST, doença arterial periférica e fumo. O escore foi validado em uma coorte de 383 indivíduos com SCA. Sangramento hospitalar foi definido como queda de hematócrito > 10%, transfusão de sangue > 2 unidades, sangramento intracerebral ou sangramento fatal. RESULTADOS: A incidência de eventos hemorrágicos foi de 3,1% e a estatística-C do escore foi 0,66 (IC95% = 0,52-0,80, indicando capacidade preditiva para esses eventos. Aqueles com escore > 7 apresentaram 6% de incidência de sangramento, comparados com 1,9% se o escore era 7 e um maior risco imposto pelo tratamento com Clopidogrel (p=0,02, bloqueadores IIb/IIIa (p=0,06 e revascularização cirúrgica (p FUNDAMENTO: Sangrado es una complicación grave en pacientes tratados por síndromes coronarios agudos (SCA con antitrombóticos y terapias invasivas. Consecuentemente, el beneficio de esas terapias debe ser analizado contra los potenciales riesgos de complicaciones hemorrágicas. De esta forma, la determinación de un escore para estimar el riesgo individual de sangrado puede representar una importante herramienta en la toma de decisiones clínicas. OBJETIVO: Crear y

  20. Circunferência abdominal como preditor de evolução em 30 dias na síndrome coronariana aguda Circunferencia abdominal como predictor de evolución en 30 días en el Síndrome Coronario Agudo Abdominal circumference as a predictor of 30-day outcome in acute coronary syndrome

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Priscilla Azambuja Lopes de Souza

    2011-05-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A circunferência abdominal (CA é a medida que mais se correlaciona com os fatores de risco e morte por doença cardiovascular. Entretanto, o impacto da obesidade no prognóstico de pacientes com doenças cardiovasculares permanece controverso e requer maiores esclarecimentos. OBJETIVO: Avaliar a CA como preditor de evolução em 30 dias em pacientes que internaram com síndrome coronariana aguda (SCA, em hospital de referência no tratamento de doenças cardiovasculares. MÉTODOS: Coorte contemporânea com 267 pacientes que internaram por SCA e que foram seguidos por 30 dias após a alta levando em consideração os eventos cardiovasculares maiores - MACE - (óbito, reinfarto, reinternação para procedimentos de revascularização. Nas primeiras 24 horas da admissão, os pacientes responderam a um questionário e posteriormente tiveram a CA mensurada. A análise estatística foi realizada com SPSS 17.0, utilizando o teste do Qui-quadrado para variáveis categóricas e o teste t de Student para as variáveis numéricas, com o nível de significância de p FUNDAMENTO: La circunferencia abdominal (CA es la medición que se correlaciona con los factores de riesgo y la muerte por enfermedad cardiovascular. Sin embargo, el impacto de la obesidad en el pronóstico de los pacientes con enfermedades cardiovasculares sigue siendo controvertido y requiere una mayor clarificación. OBJETIVO: Evaluar la CA como un predictor de evolución en 30 días en pacientes que fueron hospitalizados con síndrome coronario agudo (SCA, en un hospital de referencia para el tratamiento de las enfermedades cardiovasculares. MÉTODOS: Cohorte contemporánea con 267 pacientes que fueron hospitalizados por SCA y que fueron seguidos durante 30 días después del alta, teniendo en cuenta los eventos cardiovasculares mayores - MACE - (muerte, reinfarto, rehospitalización por procedimientos de revascularización. En las primeras 24 horas del ingreso, los pacientes

  1. Proteína C-reativa e prognóstico em síndromes coronarianas agudas: revisão sistemática e metanálise Proteína C-reactiva y pronóstico en síndromes coronarios agudos: revisión sistemática y metanálisis C-Reactive protein and outcomes in acute coronary syndromes: a systematic review and meta-analysis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luís C. L. Correia

    2011-07-01

    Full Text Available A despeito da associação entre proteína C-reativa de alta sensibilidade (PCR e eventos recorrentes em síndromes coronarianas agudas sem supradesnível do segmento ST (SCA, a medida rotineira deste marcador não tem sido recomendada. No intuito de avaliar se as evidências científicas atuais justificam a incorporação da PCR para estratificação de risco na admissão hospitalar de pacientes com SCA, realizamos revisão sistemática e metanálise dos trabalhos indexados no MEDLINE, SCIELO ou LILACS, com os seguintes critérios de inclusão: desenho de coorte prospectiva e avaliação do valor prognóstico da PCR, mensurada por método de alta sensibilidade, no momento da admissão hospitalar de pacientes com SCA. Dezenove estudos preencheram os critérios de inclusão. Em relação ao seguimento de longo prazo, houve associação consistente entre PCR e eventos cardiovasculares, com odds ratio (OR global de 4,6 (95% IC = 2,3-7,6 e OR global multivariado de 2,5 (95% IC = 1,8-3,4. Quanto ao curto prazo, 9 estudos foram positivos e 6 estudos negativos, com OR global de 1,65 (95% IC = 1,2-2,3. O OR global multivariado não foi obtido para o seguimento de curto prazo, pois esta medida foi descrita em apenas três trabalhos heterogêneos. Somente dois trabalhos, de curto prazo, fizeram análise do valor preditor incremental da PCR em relação a modelos multivariados, com resultados contraditórios. Em conclusão, a escassez de avaliação do valor incremental da PCR, aliada a resultados controversos quanto ao valor preditor independente para eventos de curto prazo, não recomenda a utilização rotineira de PCR para estratificação de risco na admissão de SCA.A despecho de la asociación entre proteína C-reactiva de alta sensibilidad (PCR y eventos recurrentes en síndromes coronarios agudos sin supradesnivel del segmento ST (SCA, la medida de rutina de este marcador no ha sido recomendada. Con el propósito de evaluar si las evidencias cient

  2. Racionalidade e métodos do registro ACCEPT - Registro Brasileiro da Prática Clínica nas Síndromes Coronarianas Agudas da Sociedade Brasileira de Cardiologia Racionalidad y métodos del registro ACCEPT - registro brasileño de la práctica clínica en los síndromes coronarios agudos de la Sociedad Brasileña de Cardiología Rationality and methods of ACCEPT registry - Brazilian Registry of Clinical Practice in Acute Coronary Syndromes of the Brazilian Society of Cardiology

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Alberto Piva e Mattos

    2011-08-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Aferição da prática clínica brasileira em pacientes com síndrome coronariana aguda, em hospitais públicos e privados, permitirá identificar os hiatos na incorporação de intervenções clínicas com benefício comprovado. OBJETIVO: Elaborar um registro de pacientes portadores do diagnóstico de síndrome coronariana aguda para aferir dados demográficos, morbidade, mortalidade e prática padrão no atendimento desta afecção. Ademais, avaliar a prescrição de intervenções baseadas em evidências, como a aspirina, estatinas, betabloqueadores e reperfusão, dentre outras. MÉTODOS: Estudo observacional do tipo registro, prospectivo, visando documentar a prática clínica hospitalar da síndrome coronária aguda, efetivada em hospitais públicos e privados brasileiros. Adicionalmente, serão realizados seguimento longitudinal até a alta hospitalar e aferição da mortalidade e ocorrência de eventos graves aos 30 dias, 6 e 12 meses. RESULTADOS: Os resultados serão apresentados um ano após o início da coleta (setembro de 2011 e consolidados após a reunião da população e dos objetivos posteriormente almejados. CONCLUSÃO: A análise desse registro multicêntrico permitirá projetar uma perspectiva horizontal do tratamento dos pacientes acometidos da síndrome coronariana aguda no Brasil.FUNDAMENTO: Comprobación de la práctica clínica brasileña en pacientes con el síndrome coronario agudo en los hospitales públicos y privados, que permitirá identificar el vacío en la incorporación de intervenciones clínicas con el comprobado beneficio. OBJETIVO: Elaborar un registro de pacientes portadores del diagnóstico del síndrome coronario agudo para comprobar los datos demográficos, morbilidad, mortalidad y la práctica estándar en la atención de esa enfermedad. Además, evaluar la prescripción de intervenciones basadas en evidencias, como la aspirina, estatinas, betabloqueantes y reperfusión, entre otras. M

  3. DIARREA AGUDA

    OpenAIRE

    M., RAÚL ACUÑA

    2015-01-01

    En este artículo se enfocará la diarrea aguda del adulto desde una perspectiva clínica, incorporando definiciones básicas de epidemiología, fisiopatología, enfrentamiento clínico, estudio cuando corresponda y tratamiento. Se presentarán nuevas herramientas diagnósticas basadas en biología molecular, de reciente introducción en clínica y que han significado un aporte en casos seleccionados. Además, se enfrentan situaciones especiales como la diarrea del viajero y de los pacientes inmunocomprom...

  4. Cirurgia de revascularização coronariana esquerda sem CEC e sem manuseio da aorta em pacientes acima de 75 anos: análise das mortalidades imediata e a médio prazo e das complicações neurológicas no pós-operatório imediato

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Glauco LOBO FILHO

    2002-09-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A circulação extracorpórea (CEC e o manuseio da aorta ascendente (MAA estão associados a alta incidência de acidente vascular cerebral (AVC na cirurgia de revascularização do miocárdio (RM em pacientes idosos. Esta complicação deve-se, sobretudo, ao MAA, por ocasião do pinçamento e despinçamento, quer para isolamento do coração do circuito de CEC, quer para realização das anastomoses dos enxertos na aorta ascendente. OBJETIVOS: Verificar mortalidades imediata e a médio prazo e a ocorrência de AVC no pós-operatório imediato (POI em pacientes acima de 75 anos submetidos a cirurgia de revascularização do sistema coronariano esquerdo (SCE, sem CEC e sem MAA. MÉTODO: De janeiro de 2000 a abril de 2002, 40 pacientes acima de 75 anos (média 79,1 anos foram submetidos a cirurgia de revascularização do SCE, com enxerto de artéria torácica interna esquerda (ATIE para a artéria descendente anterior (DA, e enxerto(s de veia safena magna oriundo(s da ATIE para outro(s ramo(s da coronária esquerda (enxerto composto, sem CEC e sem MAA. Houve predominância do sexo masculino (67,5%. Foram realizados 89 enxertos (média 2,22 pontes por paciente, sendo 40 (44,94% de ATIE e 49 (55,06% de veia safena. A ocorrência de AVC foi avaliada por exames clínico e neurológico. RESULTADOS: Não foi observada ocorrência de AVC no grupo estudado. Não houve óbitos no POI. CONCLUSÃO: A cirurgia de revascularização do SCE em pacientes acima de 75 anos sem CEC e sem MAA pode ser realizada sistematicamente de modo a evitar a ocorrência de AVC, com baixa mortalidade.INTRODUCTION: Cardiopulmonary bypass (CPB and Ascending Aorta manipulation (AAM are associated with a high incidence of stroke in coronary surgery in patients older than 75 years. This complication is due, mostly, to the handling of the aorta by the time of the cross-clamping, either for heart isolation from CPB, or to perform saphenous vein graft anastomosis to the

  5. DIARREA AGUDA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    RAÚL ACUÑA M., DR.

    2015-09-01

    Full Text Available En este artículo se enfocará la diarrea aguda del adulto desde una perspectiva clínica, incorporando definiciones básicas de epidemiología, fisiopatología, enfrentamiento clínico, estudio cuando corresponda y tratamiento. Se presentarán nuevas herramientas diagnósticas basadas en biología molecular, de reciente introducción en clínica y que han significado un aporte en casos seleccionados. Además, se enfrentan situaciones especiales como la diarrea del viajero y de los pacientes inmunocomprometidos. La diarrea asociada a antibióticos se tratará en un artículo aparte.

  6. Apendicitis Aguda

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jorge Fallas González

    2012-03-01

    Full Text Available La apendicitis aguda, descrita desde 1886, es la emergencia quirúrgica más común. Tiene su mayor incidencia durante la adultez joven y su menor incidencia en niños y adultos mayores. Su diagnóstico se basa en una historia clínica completa, un examen físico bien orientado y en una adecuada interpretación de los exámenes de laboratorio y gabinete. A pesar de ser una entidad de resolución quirúrgica, su tratamiento engloba diferentes aspectos médicosAcute appendicitis, described since 1886, is the most common surgical emergency. It has its highest incidence during early adulthood, and its lowest incidence in infants and elders. The base of the diagnosis is a complete medical history, an oriented physical exam and an appropriate interpretation of the laboratory and complementary exams. Even though its resolution is a surgical procedure, its treatment involves different medical aspects

  7. Tratamento cirúrgico das dissecções agudas de aorta do tipo B: técnica da "tromba de elefante" modificada pelo emprego de prótese intraluminal sem sutura

    OpenAIRE

    BERNARDES Rodrigo de Castro; Raul Corrêa RABELO; Reis Filho,Fernando Antônio Roquete; Rabelo,Walter; MARINO,Marcos Antônio; Marino, Roberto Luiz

    1996-01-01

    Durante a última década, a cirurgia cardiovascular experimentou grande impulso, com o desenvolvimento de métodos de diagnóstico, técnicas de proteção miocárdica e cerebral, técnicas de sutura e circulação extracorpórea, que, somados à maior experiência dos cirurgiões, permitiu o questionamento da indicação do tratamento clínico para as dissecções agudas de aorta do tipo B, procurando, com o tratamento cirúrgico, redução da alta taxa de mortalidade desta doença. A técnica da "tromba de elefant...

  8. Avaliação das pressões sistólica, diastólica e pressão de pulso como fator de risco para doença aterosclerótica coronariana grave em mulheres com angina instável ou infarto agudo do miocárdio sem supradesnivelamento do segmento ST Evaluation of systolic, diastolic, and pulse pressure as risk factors for severe coronary arteriosclerotic disease in women with unstable angina non-ST-elevation acute myocardial infarction

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Marconi Almeida de Sousa

    2004-05-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar se as pressões, medidas na raiz da aorta, são fatores de risco para doença aterosclerótica coronariana grave em mulheres com angina instável ou infarto agudo do miocárdio sem supradesnivelamento do segmento ST (AI/IAMSS. MÉTODO:As pressões, assim como os fatores de risco para doença arterial coronariana (DAC foram prospectivamente coletados de março/1993 a agosto/2001 em 593 mulheres com diagnóstico de AI/IAMSS submetidas à cinecoronariografia. Lesões coronarianas definidas como graves estenoses > 70%. RESULTADOS: Idade média de 59,2±11,2 anos, significantemente mais alta nas pacientes com DAC: 61,9 ± 10,8 anos vs 56.4 ± 10,8 anos; tabagismo, diabetes e climatério foram mais freqüentes nas pacientes com DAC. As médias das pressões sistólica e arterial média foram iguais nos dois grupos, entretanto as médias das pressões diastólicas do ventrículo esquerdo (17.6 ± 8.7 x 15.1 ± 8.1, p=0.001 e da pressão de pulso aórtica foram significantemente maiores nas pacientes com DAC (75.5 ± 22 x 70 ± 19, p=0.002, enquanto a média da pressão diastólica aórtica foi significantemente mais alta nas pacientes sem DAC (75.3 ± 17.5 x 79.8 ± 16, p=0.003. Na análise multivariada a pressão de pulso > 80 mmHg e pressão sistólica > 165 foram independentemente associadas a DAC com razão de chance de 2.12 e 2.09, p 80 mmHg e pressão sistólica > 165 mmHg determinaram risco duas vezes maior de lesão coronariana grave.OBJECTIVE: To evaluate pressures assessed at the aortic root as risk factors for severe atherosclerotic coronary heart disease in women with unstable angina/compatible clinical history associated with increase in cardiac enzymes (total CPK and CK-MB 2 times greater than the standard value used in the hospital, with the absence of new Q waves on the electrocardiogram (UA/NSTEMI. METHODS: Five hundred and ninety-three female patients with clinical diagnosis of UA/NSTEMI underwent cinecoronariography

  9. Preditores de injúria renal aguda em pacientes submetidos ao transplante ortotópico de fígado convencional sem desvio venovenoso Predictors of acute kidney injury in patients undergoing a conventional orthotopic liver transplant without veno-venous bypass

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Olival Cirilo L. da Fonseca-Neto

    2011-06-01

    Full Text Available RADICAL: Injúria renal aguda é uma das complicações mais comuns do transplante ortotópico de fígado. A ausência de critério universal para sua definição nestas condições dificulta as comparações entre os estudos. A técnica convencional para o transplante consiste na excisão total da veia cava inferior retro-hepática durante a hepatectomia nativa. Controvérsias sobre o efeito da técnica convencional sem desvio venovenoso na função renal continuam. OBJETIVO: Estimar a incidência e os fatores de risco de injúria renal aguda entre os receptores de transplante ortotópico de fígado convencional sem desvio venovenoso. MÉTODOS: Foram avaliados 375 pacientes submetidos a transplante ortotópico de fígado. Foram analisadas as variáveis pré, intra e pós-operatórias em 153 pacientes submetidos a transplante ortotópico de fígado convencional sem desvio venovenoso. O critério para a injúria renal aguda foi valor da creatinina sérica > 1,5 mg/dl ou débito urinário BACKGROUND: Acute kidney injury is one of the most common complications of orthotopic liver transplantation. The absence of universal criteria for definition of these conditions make comparisons difficult between studies. The conventional technique for transplantation is the total excision of the inferior vena cava during liver retro-native hepatectomy. Controversies about the effect of the conventional technique without venovenous bypass on renal function remain. AIM: To estimate the incidence and risk of acute kidney injury factors among recipients of orthotopic liver transplantation without conventional venovenous bypass. METHODS: Was studied 375 patients undergoing orthotopic liver transplantation. Variables were analyzed in preoperative, intraoperative and postoperative complications in 153 patients undergoing orthotopic liver transplantation without conventional venovenous bypass. The criterion for acute kidney injury was serum creatinine > 1.5 mg/dl or

  10. Colecistite aguda enfisematosa: um relato de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Silian Mandu Fonseca

    2015-12-01

    Full Text Available A colecistite enfisematosa é uma infecção aguda da parede da vesícula biliar, caracterizada por gangrena, perfuração da vesícula biliar e alta mortalidade. Este artigo busca relatar o caso de um paciente do sexo masculino que apresentava dores no hipocôndrio direito de início abrupto com forte intensidade e febre. Solicitado um exame de ultra-sonografia de abdome, que revelou uma vesícula biliar vazia, com parede e conteúdo normal e sem cálculos. Após piora do quadro, foi realizada uma tomografia computadorizada de abdome que evidenciou líquido espesso e gás no leito vesicular, condizente com o diagnóstico de colecistite aguda enfisematosa.

  11. Formas agudas de periodontitis

    National Research Council Canada - National Science Library

    Bascones Martínez, Antonio; Pérez Salcedo, L

    2008-01-01

    ..., diferenciándose entre Gingivitis Necrotizante y Periodontitis Necrotizante. Y se añade en la clasificación el grupo de abscesos periodontales. En este artículo de revisión vamos a profundizar acerca de las formas agudas de periodontitis

  12. Microlithiasis of the gallbladder: role of endoscopic ultrasonography in patients with idiopathic acute pancreatitis Microcolecistolitíase: papel da ecoendoscopia em pacientes com pancreatite aguda sem causa aparente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Celso Ardengh

    2010-01-01

    Full Text Available OBJECTIVES: Causes may be found in most cases of acute pancreatitis, however no etiology is found by clinical, biological and imaging investigations in 30% of these cases. Our objective was to evaluate results from endoscopic ultrasonography (EUS for diagnosis of gallbladder microlithiasis in patients with unexplained (idiopathic acute pancreatitis. METHODS: Thirty-six consecutive non-alcoholic patients with diagnoses of acute pancreatitis were studied over a five-year period. None of them showed signs of gallstones on transabdominal ultrasound or tomography. We performed EUS within one week of diagnosing acute pancreatitis. Diagnosis of gallbladder microlithiasis on EUS was based upon findings of hyperechoic signals of 0.5-3.0 mm, with or without acoustic shadowing. All patients (36 cases underwent cholecystectomy, in accordance with indication from the attending physician or based upon EUS diagnosis. RESULTS: Twenty-seven patients (75% had microlithiasis confirmed by histology and nine did not (25%. EUS findings were positive in twenty-five. Two patients had acute cholecystitis diagnosed at EUS that was confirmed by surgical and histological findings. In two patients, EUS showed cholesterolosis and pathological analysis disclosed stones not detected by EUS. EUS diagnosed microlithiasis in four cases not confirmed by surgical treatment. In our study, sensitivity, specificity and positive and negative predictive values to identify gallbladder microlithiasis (with 95% confidence interval were 92.6% (74.2-98.7%, 55.6% (22.7-84.7%, 86.2% (67.4-95.5% and 71.4% (30.3-94.9%, respectively. Overall EUS accuracy was 83.2%. CONCLUSIONS: EUS is a very reliable procedure to diagnose gallbladder microlithiasis and should be used for the management of patients with unexplained acute pancreatitis. This procedure should be part of advanced endoscopic evaluation.OBJETIVOS: Cerca de 30% dos doentes com PA rotulada como sem causa aparente apresentam

  13. Avaliação da concordância interobservador na análise da tomografia computadorizada sem contraste no diagnóstico da urolitíase em pacientes com cólica renal aguda Interobserver agreement on non-contrast computed tomography interpretation for diagnosis of urolithiasis in patients with acute flank pain

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luís Ronan Marquez Ferreira de Souza

    2006-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a reprodutibilidade da tomografia computadorizada sem contraste na avaliação da litíase ureteral e os sinais secundários de obstrução do sistema coletor em pacientes com cólica renal aguda. MATERIAIS E MÉTODOS: Estudo prospectivo de 52 pacientes com diagnóstico clínico de cólica renal aguda submetidos a exame de tomografia computadorizada de abdome sem contraste. Os exames foram realizados com técnica helicoidal e posteriormente analisados por três observadores independentes, com a concordância interobservador avaliada pelo método estatístico kappa (kapa. Foram analisados os parâmetros: a presença, localização e mensuração dos cálculos ureterais; b dilatação do sistema coletor intra-renal; c heterogeneidade da gordura perirrenal; d dilatação ureteral; e edema da parede ureteral (sinal do halo. RESULTADOS: Foram encontrados 40 cálculos ureterais na tomografia computadorizada (77%. A concordância interobservador para a identificação do cálculo ureteral e da dilatação ureteral foi quase perfeita (kapa = 0,89 e kapa = 0,87, respectivamente, substancial para dilatação do sistema coletor intra-renal (kapa = 0,77 e moderada para heterogeneidade da gordura perirrenal e para edema da parede ureteral (kapa = 0,55 e kapa = 0,56, respectivamente. CONCLUSÃO: A tomografia computadorizada de abdome sem contraste apresenta elevada reprodutibilidade na avaliação da litíase ureteral e dos sinais secundários de obstrução do sistema coletor.OBJECTIVE: To evaluate the interobserver agreement on non-contrast computed tomography interpretation by a group of experienced abdominal radiologists, for the study of urolithiasis in patients presenting acute flank pain. MATERIALS AND METHODS: Prospective study of 52 patients submitted to non-contrast enhanced helical computed tomography. The images were subsequently analyzed by three independent observers, with the interobserver agreement assessed by means of the

  14. Avaliação da utilização do placebo nas crises agudas de migrânea sem aura, migrânea com aura e cefaléia do tipo tensional episódica Evaluation of placebo use in migraine without aura, migraine with aura and episodic tension-type headache acute attacks

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Eduardo Bigal

    2001-09-01

    Full Text Available O presente estudo apresenta a avaliação do efeito placebo no tratamento agudo da migrânea sem aura, migrânea com aura e cefaléia do tipo tensional episódica. Foram estudados pacientes que deram entrada entre 1 de março de 1997 a 31 de novembro de 1999 em dois pronto-socorros. Definiram-se três grupos, cada um com 30 pacientes: 1 - migrânea sem aura (MSA; 2 -- migrânea com aura (MCO; 3 -- cefaléia do tipo tensional episódica (CTTE. Os pacientes participavam de estudo randomizado para avaliar a eficácia de 4 drogas; aqueles randomizados para o placebo foram incluídos também. Os parâmetros avaliados foram: 1 -- dor; 2 - sintomas associados. Avaliados uma hora após a administração do placebo, 50% dos pacientes do grupo MSA, 23,3% dos pacientes do grupo MCA e 26,7% dos pacientes do grupo CTTE apresentavam melhora da dor. A melhora, avaliada pela escala numérica da dor foi, em média, de 41,6%, 23,1% e 36%, respectivamente. Houve também redução significativa de todos os sintomas associados. A utilização do placebo é, portanto, essencial na avaliação de drogas utilizadas no tratamento de cefaléias agudas.This study presents an evaluation of placebo response in the acute treatment of migraine with or without aura and episodic tension type headache. We studied patients admitted between March 1st,1997 and November 31st,1999 in two Emergency Room Units. Three groups had been defined, each one with 30 participants: migraine without aura (MWOA, migraine with aura (MWA and episodic tension-type headache (ETTH. Patients were participating of a randomized study to evaluate efficacy of 4 different drugs; those randomized to receive placebo were included. We evaluated pain and associated symptoms. After one hour of placebo administration, 50% of MWOA patients, 23.3% of MWA and 26.7% of ETTH had presented pain relief. The mean of this relief, evaluated by the numerical pain scale, was 41.6%, 23.1% and 36%, respectively. Use of placebo

  15. Hepatitis viral aguda

    OpenAIRE

    Héctor Rubén Hernández Garcés; René F Espinosa Álvarez

    1998-01-01

    Se realizó una revisión bibliográfica de las hepatitis virales agudas sobre aspectos vinculados a su etiología. Se tuvieron en cuenta además algunos datos epidemiológicos, las formas clínicas más importantes, los exámenes complementarios con especial énfasis en los marcadores virales y el diagnóstico positivoA bibliographical review of acute viral hepatitis was made taking into account those aspects connected with its etiology. Some epidemiological markers, the most important clinical forms, ...

  16. Gingivitis ulceronecrosante aguda

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eduardo de la Teja-Ángeles

    2015-11-01

    Full Text Available La gingivitis ulcerativa necrosante, conocida por sus siglas en inglés como GUN (anteriormente se le conocía como enfermedad de Vincent o “boca de trinchera” por afectar a soldados en guerra, es una enfermedad poco frecuente.1-6 Se caracteriza por ser una infección aguda y dolorosa en la que las encías sangran, hay necrosis de las papilas interdentales y ataque al estado general.

  17. Hepatitis viral aguda

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Héctor Rubén Hernández Garcés

    1998-10-01

    Full Text Available Se realizó una revisión bibliográfica de las hepatitis virales agudas sobre aspectos vinculados a su etiología. Se tuvieron en cuenta además algunos datos epidemiológicos, las formas clínicas más importantes, los exámenes complementarios con especial énfasis en los marcadores virales y el diagnóstico positivoA bibliographical review of acute viral hepatitis was made taking into account those aspects connected with its etiology. Some epidemiological markers, the most important clinical forms, and the complementary examinations with special emphasis on the viral markers and the positive diagnosis were also considered

  18. Comparação entre a medida contínua do débito cardíaco e por termodiluição em bolus durante a revascularização miocárdica sem circulação extracorpórea

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kim Sílvia M.

    2004-01-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A cirurgia de revascularização miocárdica sem o uso de circulação extracorpórea (CEC relaciona-se a importantes alterações hemodinâmicas bruscas, que podem não ser prontamente detectadas pela medida contínua de débito cardíaco. Este estudo compara resultados obtidos pela medida do índice cardíaco com o cateter de artéria pulmonar com filamento térmico (Baxter Edwards Critical Care, Irvine, CA com o método padrão por termodiluição com solução, durante a anastomose coronariana distal. MÉTODO: Dez pacientes submetidos à cirurgia de revascularização miocárdica sem CEC foram monitorizados com o cateter de artéria pulmonar com filamento térmico. As medidas de índice cardíaco foram obtidas em quatro momentos: no início da anestesia, enquanto o tórax ainda estava fechado (M1, após a esternotomia (M2, após a estabilização do coração com o aparelho octopus (M3 e ao final da anastomose coronariana distal (M4. RESULTADOS: Houve diminuição significativa (p < 0,05 do índice cardíaco durante a anastomose coronariana, detectada pela medida com termodiluição com bolus de solução. O índice cardíaco variou de 2,8 ± 0,7 para 2,3 ± 0,8 l.min.m-2 no início da anastomose e 2,5 ± 0,8 l.min.m-2 ao final da mesma. Essa variação não foi detectada pela medida contínua (de 3 ± 0,6 para 3,2 ± 0,5 e 3,1 ± 0,6 l.min.m-2 durante a anastomose coronariana. CONCLUSÕES: A medida de débito cardíaco contínuo utilizando o cateter de artéria pulmonar com filamento térmico apresentou atraso na detecção das alterações hemodinâmicas agudas relacionadas à mudança do posicionamento do coração na cirurgia de revascularização miocárdica sem CEC.

  19. Rotavírus, adenovírus, astrovírus, calicivírus e "Small Round Virus Particles" em fezes de crianças, com e sem diarréia aguda, no período de 1987 a 1988, na Grande São Paulo Rotavirus, adenovirus, astrovirus, calicivirus and Small Round Virus Particles in faeces of children with and without acute diarrhea within the period of 1987 to 1988, in São Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    María do Carmo Sampaio Tavares Timenetsky

    1993-06-01

    Full Text Available No período de agosto de 1987 a setembro de 1988, 193 amostras de fezes de crianças, com e sem sintomatologia diarréica aguda, foram submetidas às provas diagnósticas do ensaio imunoenzimático (EIE, eletroforese em gel de poliacrilamida (EGPA e microscopia eletrônica (ME para a detecção de vírus. A positividade para Rotavírus, Adenovírus, Astrovírus, Calicivírus e "Small Round Virus Particles" (SRVP foi encontrada nas 97 crianças com diarréia aguda em 11,3%, 3,1%, 2,1%, l,0%e4,l%, respectivamente. Das 96 crianças sem diarréia, 4,2% foram positivas para Rotavírus, 1,0% para Calicivírus e 7,3% para SRVP. Das 15 amostras positivas para Rotavírus, 14 apresentaram perfil eletroforético característico do Grupo A e 1 amostra do Grupo C. A análise dos eletroforotipos demonstrou a grande heterogeneidade de perfis e a predominância do perfil "longo". A associação de vírus, bactéria e parasita foi encontrada tanto em crianças com diarréia como em crianças sem diarréia.Between 1987 and 1988, 193 faecal specimens from children, with or without diarrhea, were submitted to enzyme immunoassay, polyacrylamide-gel electrophoresis and electronmicroscopy tests for virus detection. The positivity for Rotavirus, Adenovirus, Astrovirus, Calicivirus and Small Round Virus Particles (SRVP was 11.3%, 3.1%, 2.1%, 1.0% and 4.1%, respectively, for the 97 children with acute diarrhea. Of the 96 children without diarrhea, 4.2% were positive for Rotavirus, 1.0% for Calicivirus and 7.3% for SRVP. Of 15 positive specimens for Rotavirus, 14 showed electrophoretic patterns proper to group A and 1 specimen of group C Rotavirus. The analysis of electrophorotypes demonstrated great heterogeneity of electrophoretic patterns and predominance of subgroup 2, "long". The association of virus, bacteria and parasites was present both in children with or without acute diarrhea.

  20. Consumo de alcool e risco para doenca coronariana na regiao metropolitana de Sao Paulo: uma analise do Projeto GENACIS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Cristina Pereira Lima

    2013-03-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Examinar a associação entre consumo de álcool e risco para doença coronariana em amostra populacional. MÉTODOS: Estudo transversal, de base populacional, conduzido de janeiro/2006 a junho/2007, na região metropolitana de São Paulo, como parte do estudo internacional (Gender, Alcohol, and Culture: an International Study. Os sujeitos (1.501, sendo 609 homens e 892 mulheres eram residentes da região metropolitana de São Paulo, tinham 30 anos ou mais de idade e foram selecionados aleatoriamente, a partir de amostragem complexa por conglomerados. Todos os indivíduos consentiram em participar da pesquisa. A variável dependente foi risco cardíaco avaliado através do WHO Rose Angina Questionnaire. A análise multivariada consistiu em regressão logística, tendo sido realizado ajuste para uso de tabaco e índice de massa corpórea. RESULTADOS: A taxa de resposta foi 75%. Ser mulher, ter mais idade, ser negro, fumante e ter um índice de massa corpórea elevado, foram associados a maior risco para doença coronariana. Indivíduos que nunca beberam na vida (OR = 2,22 e ex-bebedores (OR = 2,42 tiveram maior risco de doença cardíaca do que aqueles que informaram beber até 19 g de álcool por dia, sem episódios de beber excessivo. Entre os que tiveram episódios de embriaguês observou-se uma tendência a maior risco (OR = 3,95, p = 0,09. CONCLUSÕES: Nossos achados sugerem um menor risco para doença coronariana entre os bebedores moderados. Destaca-se que os estudos que avaliam o impacto do álcool sobre doença cardíaca precisam identificar o padrão de uso de álcool dos sujeitos, visto que este aspecto pode modificar o risco. Políticas públicas são necessárias para reduzir o uso nocivo de álcool e a morbidade a ele relacionada no país.

  1. Insuficiencia renal aguda.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Hernán Mejía

    2009-10-01

    Full Text Available La insuficiencia renal aguda se diagnostica aproximadamente en 5% de los pacientes hospitalizados. Sus principales causas se relacionan con la alteración del flujo sanguíneo renal, sea por depleción de volumen, baja perfusión renal o por distribución intrarrenal inadecuada y obstrucción del árbol urinario. El diagnóstico parte de la historia clínica y un buen examen físico que corrobore el estado de volemia del paciente y se complementa con el uso adecuado de los índices urinarios (excreción de sodio y osmolaridad, el uroanálisis y la ecografía renal. Su tratamiento consiste en una adecuada recuperación del volumen, manejo de los diuréticos, soporte nutricional, conservación del equilibrio hidroelectrolítico y brindar terapia de diálisis si hay toxicidad urémica, hipercaliemia severa (>6.5 mEq/l, acidosis metabólica o sobrecarga severa de volumen.

  2. Meningitis bacteriana aguda

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    D. Rodrigo Blamey, Dr.

    2014-05-01

    Full Text Available La Meningitis Bacteriana Aguda (MBA de adquisición comunitaria es una enfermedad prevalente en todo el mundo; constituye siempre una emergencia médica y se asocia a una alta morbimortalidad. Su epidemiología es variable y los principales agentes en adultos son S. pneumoniae, N. meningitidis, H. influenzae y L. monocitogenes. En Chile existe un sistema de vigilancia recientemente implementado que permitirá un mejor diagnóstico epidemiológico. Las manifestaciones clínicas clásicas no siempre están presentes principalmente en adultos mayores. El diagnóstico requiere del estudio de líquido cefalorraquídeo, y las técnicas de biología molecular han significado un aporte relevante en los últimos años. El tratamiento antibiótico debe ser instaurado rápidamente para mejorar el pronóstico, mientras que la terapia coadyuvante con corticoides en adultos tiene sólo beneficios en etiología neumocócica. Se requieren mejores estrategias de prevención frente a una entidad que no ha cambiado su mortalidad a pesar del progreso de la medicina moderna.

  3. Prevalência de Chlamydia Pneumoniae e Mycoplasma Pneumoniae em diferentes formas da doença coronariana Prevalencia de Chlamydia Pneumoniae y Mycoplasma Pneumoniae en diferentes formas de la enfermedad coronaria Prevalence of Chlamydia Pneumoniae and Mycoplasma Pneumoniae in different forms of coronary disease

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Irineu Luiz Maia

    2009-06-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Vários agentes infecciosos foram investigados desde que se demonstrou a associação entre infecção e aterosclerose, porém os resultados desses estudos são conflitantes. OBJETIVO: Testar a associação entre títulos séricos de anticorpos anti-Chlamydia e anti-Mycoplasma em diferentes formas de síndromes coronarianas agudas (SCA. MÉTODOS: Cento e vinte e seis pacientes foram divididos em quatro grupos: SCA com elevação do segmento ST (32 pacientes, SCA sem elevação do segmento ST (30 pacientes, doença arterial coronariana crônica (30 pacientes e doadores de sangue sem doença coronariana conhecida (34 pacientes - grupo-controle. Nos primeiros dois grupos, amostras de soro foram coletadas na admissão (primeiras 24 horas de hospitalização e após 6 meses de seguimento. Nos outros dois grupos, colheu-se apenas uma amostra basal. Em todas as amostras, anticorpos IgG anti-Chlamydia e anti-Mycoplasma foram dosados por imunofluorescência indireta. RESULTADOS: Diferenças significativas foram observadas entre a medida basal e após 6 meses de seguimento nos pacientes com infarto do miocárdio com elevação do segmento ST, tanto para Chlamydia (650±115,7 vs. 307±47,5, p = 0,0001 quanto para Mycoplasma (36,5±5,0 vs. 21,5±3,5, p = 0,0004. Os grupos com SCA tiveram níveis séricos de anticorpos anti-Chlamydia e anti-Mycoplasma mais altos na dosagem basal, em relação aos pacientes com doença arterial coronariana crônica e grupo-controle, mas as diferenças obtidas não tiveram significância estatística. CONCLUSÃO: O presente estudo mostrou associação entre os títulos de anticorpos anti-Chlamydia e anti-Mycoplasma na fase aguda dos pacientes com angina instável ou infarto do miocárdio.FUNDAMENTO: Se han investigado diversos agentes infecciosos desde que se evidenció la asociación entre infección y aterosclerosis, sin embargo esos estudios ofrecen resultados conflictivos. OBJETIVO: Probar la asociación entre

  4. Intervenção Coronariana Percutânea prévia como fator de risco para Revascularização Miocárdica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Augusto Ferreira Lisboa

    2012-07-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A Intervenção Coronariana Percutânea (ICP vem aumentando na doença arterial coronariana crônica. Consequentemente, cada vez mais pacientes submetidos a Cirurgia de Revascularização Miocárdica (CRM apresentam stent coronariano. OBJETIVO: Avaliar a influência do antecedente de stent coronariano na mortalidade hospitalar após CRM. MÉTODOS: Análise prospectiva com 1.099 pacientes consecutivos submetidos a CRM com circulação extracorpórea, entre maio/2007 e junho/2009. Pacientes sem ICP prévia (n = 938; 85,3% foram comparados com pacientes com ICP prévia (n = 161; 14,6%, utilizando modelos de regressão logística e análise de pareamento de amostras. RESULTADOS: Ambos os grupos apresentavam semelhança em relação aos fatores de risco, exceto pela maior presença de pacientes com angina instável no grupo com ICP prévia (16,1% vs. 9,9%; p = 0,019. A mortalidade hospitalar após CRM foi maior entre os pacientes com ICP prévia (9,3% vs. 5,1%, p = 0,034, e foi semelhante à esperada em relação ao EuroSCORE e ao 2000 Bernstein-Parsonnet score. Na análise com regressão logística multivariada a ICP prévia emergiu como fator de risco independente para mortalidade hospitalar pós-operatória (odds ratio 1,94; IC 95% 1,02-3,68; p = 0,044 tão forte quanto diabetes (odds ratio 1,86; IC 95% 1,07-3,24; p = 0,028. Após o pareamento dos grupos, a mortalidade hospitalar continuou sendo maior entre os pacientes com ICP prévia, com odds ratio 3,46 ; IC 95% 1,10-10,93; p = 0,034. CONCLUSÃO: A ICP prévia em pacientes com doença coronariana multiarterial é fator de risco independente para mortalidade hospitalar após CRM. Tal fato deve ser considerado quando a ICP for indicada como alternativa inicial em pacientes com doença arterial coronariana mais avançada. (Arq Bras Cardiol. 2012; [online].ahead print, PP.0-0

  5. Correlação dos escores de risco com a anatomia coronária na síndrome coronária aguda sem supra-ST Correlation of risk scores with coronary anatomy in non-ST-elevation acute coronary syndrome

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elizabete Silva dos Santos

    2013-01-01

    Full Text Available FUNDAMENTO:Há poucas publicações sobre a correlação entre escores de risco e anatomia coronária na síndrome coronária aguda (SCA. OBJETIVO: Correlacionar os escores de risco com a gravidade da lesão coronária na SCA sem supra-ST. MÉTODOS: Foram analisados 582 pacientes entre julho de 2004 e outubro de 2006. Avaliou-se a correlação entre os escores de risco TIMI, GRACE hospitalar e em seis meses com lesão coronária > 50%, por método não paramétrico de Spearman. Modelo de regressão logística múltipla foi realizado para determinar a habilidade preditiva dos escores em discriminar quem terá ou não lesão coronária > 50%. RESULTADOS: Foram 319 (54,8% homens e a média de idade era 59,9 (± 10,6 anos. Correlação positiva foi observada entre a pontuação dos escores de risco e lesão coronária > 50% (escore de risco TIMI r = 0,363 [p 50% foi: TIMI = 0,704 [IC95% 0,656-0,752; p BACKGROUND: The literature lacks studies regarding the correlation between risk scores and coronary anatomy in acute coronary syndrome (ACS OBJECTIVE: Correlate risk scores with the severity of the coronary lesion in ACS with non-ST elevation. METHODS: A total of 582 patients were analyzed between July 2004 and October 2006. The correlation between TIMI risk scores and GRACE (hospital and six months scores was performed for patients with coronary lesion > 50%, using Spearman´s non-parametric method. Multiple regression logistics was used to determine the predictive ability of the scores to discriminate to discriminate who will have a coronary lesion > 50%. RESULTS: Most subjects were male (319 or 54.8%, mean age of 59.9 (± 10.6 years. A positive correlation was observed between risk scores and >coronary lesion > 50% (TIMI r = 0.363 [p 50% was: TIMI = 0.704 [CI95% 0.656-0.752; p <0.0001]; hospital GRACE = 0.623 [CI95% 0.573-0.673; p < 0.0001]; GRACE at six months= 0.562 [CI95% 0.510-0.613; p ;= 0.0255]. Comparing the areas under the ROC curve, it was

  6. Expressão das óxido nítrico sintetases na vasculopatia coronariana do transplante cardíaco Expression of nitric oxide synthases in coronary artery disease after heart transplantation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda VIARO

    2000-03-01

    Full Text Available A maior complicação que pode limitar a evolução a longo prazo de um transplante cardíaco é o desenvolvimento de doença arterial coronariana. Esta forma de doença coronariana é distinta da doença coronariana aterosclerótica de pacientes não submetidos a transplante cardíaco. Evidências atuais, obtidas mediante a ecografia intravascular, demonstraram que a ocorrência de uma disfunção endotelial precoce, principalmente mediada pela expressão da isoforma induzível da óxido nítrico sintetase (iNOS e associa-se com desenvolvimento de aterosclerose no aloenxerto durante o primeiro ano após o transplante. Esta revisão foi elaborada começando pelos conceitos básicos (descrição da enzima NOS e suas isoformas conhecidas; breve comparação entre elas, revisando-se, na seqüência, a disfunção endotelial coronariana pós-transplante cardíaco do ponto de vista específico da função enzimática da NOS. No transplante cardíaco a iNOS promove rejeição aguda, mas previne a crônica. A relação entre estes efeitos completamente opostos permanece desconhecida, sabendo-se que são mecanismos diferentes dependentes do tempo.A major complication that can limited the evolution of a cardiac transplantation over the long term is the development of accelerated coronary arteriosclerosis. This form of coronary disease is different from the atherosclerotic coronary disease of patients not submitted to cardiac transplantation. Current evidence obtained by intravascular ultrasound, has demonstrated that the occurrence of a precocious endothelial dysfunction, mainly mediated by the inducible isoform of the nitric oxide synthase (iNOS expression, is associated with the development of atherosclerosis in cardiac allografts during the first year of the transplant. This review was developed starting with basic concepts (description of the enzyme and its known isoforms; a brief comparison between them, reviewing the coronary endothelial

  7. Valor prognóstico da hiperglicemia de estresse na evolução intra-hospitalar na coronariopatia aguda

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Passos Pinheiro

    2013-02-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Na síndrome coronariana aguda (SCA, a hiperglicemia, à admissão hospitalar, está associada à presença de eventos adversos cardiovasculares em pacientes com ou sem diabetes. OBJETIVO: Avaliar o valor prognóstico da hiperglicemia de estresse na evolução intra-hospitalar de pacientes admitidos por SCA. MÉTODOS: Foram incluídos 152 pacientes admitidos, entre setembro de 2005 e fevereiro de 2010, em unidade de dor torácica de hospital terciário com diagnóstico de SCA, que apresentavam valor da glicemia laboratorial na admissão. O grupo I foi formado pelos pacientes com hiperglicemia de estresse, definida por glicemia na admissão > 126 mg/dL em não diabéticos e > 200 mg/dL nos diabéticos, e o grupo II pelos pacientes com níveis glicêmicos inferiores aos níveis estabelecidos. Analisou-se a associação da hiperglicemia e evolução intra-hospitalar. RESULTADOS: A hiperglicemia de estresse associou-se a complicações intra-hospitalares, aumento da idade e gênero feminino. Na análise multivariada, apenas gênero feminino (OR = 2,04; IC95% 1,03 - 4,06, p = 0,007 e complicações intra-hospitalares (OR = 3,65; IC95% 1,62 - 8,19, p = 0,002 se associaram de forma independente à hiperglicemia na admissão. CONCLUSÃO: A hiperglicemia de estresse é fator preditivo independente para complicações intra-hospitalares após SCA em pacientes diabéticos ou não. Os resultados alertam para a necessidade de avaliarmos a glicemia na admissão em todos os pacientes admitidos por SCA, incluindo os não diabéticos, com o intuito de identificarmos os indivíduos com maior risco de complicações.

  8. Colecistitis aguda por Streptococcus constellatus

    OpenAIRE

    M Sandra Gómez-Canosa; Cristina Lijó-Carballeda; Begoña Vázquez-Vázquez; M José Bello-Peón

    2016-01-01

    Presentamos el caso de una paciente de edad avanzada y significativa comorbilidad que se diagnosticó de colecistitis aguda por Streptococcus constellatus. El drenaje de la vesícula biliar por colecistostomía percutánea, asociado a penicilinas, ha conseguido una evolución favorable. We report the case of a patient of advanced age and significant comorbidity diagnosed acute cholecystitis by Streptococcus constellatus. Gallbladder drainage by percutaneous cholecystostomy associated ...

  9. Piomiosite bacteriana aguda (PBA em crianças eutróficas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mirtha B. Talavera

    2003-08-01

    Full Text Available A infecção aguda do músculo esquelético é denominada piomiosite bacteriana aguda (PBA. Ocorre mais freqüentemente em regiões tropicais e é mais prevalecente em crianças em idade escolar. A maioria dos casos relatados aconteceu em crianças desnutridas, com parasitoses. Relatamos quatro casos de PBA em crianças previamente eutróficas. A presença de dor muscular aguda localizada, com ou sem sintomas inflamatórios, ocorreu em todos os quatro casos. Osteomielite e/ou artrite séptica também ocorreram em todos os casos. O exame de escolha para o diagnóstico definitivo foi a ressonância nuclear magnética. A terapia foi realizada com antibioticoterapia endovenosa e drenagem cirúrgica dos abscessos.

  10. Ataxias agudas en la infancia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Yaline Betancourt Fursow

    2013-09-01

    Full Text Available La ataxia cerebelosa aguda infantil (ACAI es la forma más frecuente de complicación neurológica por el virus de la varicela.Descritas dentro del grupo de las cerebelitis agudas. Los objetivos de este estudio fueron: evaluar la presentación clínica, manejo y seguimiento de niños hospitalizados con ACAI en un hospital pediátrico terciario donde la inmunización para varicela no está disponible (parte I y describir los diagnósticos diferenciales de la cerebelitis aguda (parte II. Estudiamos 95 pacientes. Los criterios diagnósticos de ataxia aguda se basaron en: pérdida aguda de la coordinación o dificultad para la marcha con o sin nistagmo asociado y duración menor de 48 horas, en un niño previamente sano. Estos criterios se cumplían en todos los casos valorados, excepto en las ataxias secundarias a ingesta de tóxicos, en los que la duración debía ser menor de 24 horas para su inclusión en el estudio. Se registraron los datos en una historia clínica pediátrica y neurológica. Entre los pacientes inmunosuprimidos la incidencia mayor fue la complicación por varicela. La mayoría de los pacientes fueron varones. El rango de edad fue la preescolar, 5 años . El intervalo entre la presentación del rash y el ingreso fue de 1 a 3 días. El estudio de LCR se practicó en 59.5% de los casos. La TAC y la resonancia magnética cerebral (RM presentaron edema en el 33.3%. El aciclovir endovenoso fue utilizado en 23 pacientes; pero no hubo diferencias significativas en las manifestaciones clínicas y seguimiento entre tratados y no tratados. La ataxia fue la primera manifestación clínica. La estadía hospitalaria fue de 4 días (rango: 2-11 días.

  11. Tratamiento de tromboembolia pulmonar aguda

    OpenAIRE

    Pulido,Tomás; Reyes-Fuentes,Luis Felipe; Beltrán-Gámez,Miguel; Rodríguez,Armando; Rosado,Carolina; Valle-Zamora,Karina del; Ramírez-Neria,Paulina; Garza,Paola de la; Téllez,Jorge; Sandoval,Julio

    2012-01-01

    La tromboembolia pulmonar (TEP) es considerada como una urgencia cardiovascular, representa una de las principales causas de morbilidad y mortalidad en pacientes hospitalizados. El diagnóstico debe realizarse lo más tempranamente posible, y su tratamiento instaurarse de manera inmediata. El manejo de la embolia pulmonar aguda, incluye medidas de soporte, apoyo hemodinámico, utilización de anticoagulantes y en el caso del paciente inestable, trombólisis o embolectomía. En el presente artículo,...

  12. Colecistitis aguda por Streptococcus constellatus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M Sandra Gómez-Canosa

    2016-03-01

    Full Text Available Presentamos el caso de una paciente de edad avanzada y significativa comorbilidad que se diagnosticó de colecistitis aguda por Streptococcus constellatus. El drenaje de la vesícula biliar por colecistostomía percutánea, asociado a penicilinas, ha conseguido una evolución favorable. We report the case of a patient of advanced age and significant comorbidity diagnosed acute cholecystitis by Streptococcus constellatus. Gallbladder drainage by percutaneous cholecystostomy associated with penicillins has achieved a favorable outcome.

  13. Angiotomografia coronariana multislice na avaliação da origem anômala das artérias coronarianas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Rocha Rabelo

    2012-03-01

    Full Text Available Fundamento: A origem anômala das artérias coronarianas é uma entidade relativamente rara, podendo se apresentar de várias formas clínicas e evoluir de forma adversa. A angiotomografia multislice das artérias coronarianas vem ganhando espaço na prática clínica diária, representando importante método propedêutico, com grande potencial na avaliação anatômica dessas artérias. Objetivo: O objetivo deste estudo é descrever os achados angiotomográficos e a evolução de pacientes com origem anômala das artérias coronarianas. Métodos: Durante o período de janeiro de 2008 a março de 2011, foram avaliados consecutivamente 404 pacientes encaminhados para realização de angiotomografia das coronárias por diversos motivos, com tempo médio de seguimento de 21 meses. Resultados: Nove pacientes (2,2% apresentaram origem anômala das artérias coronárias, sendo quatro com origem anômala da artéria circunflexa (Cx em Coronária Direita (CD, dois com origem anômala da CD (um com origem de CD em Cx, e um com origem de CD em seio coronariano esquerdo, um paciente com tronco coronariano único (descendente anterior e Cx saindo do seio coronariano esquerdo, um com trajeto anômalo do tronco da coronária esquerda entre aorta e artéria pulmonar e um paciente apresentando tronco coronariano esquerdo originando-se do seio coronariano direito. Dos pacientes avaliados, um paciente recebeu um cardiodesfibrilador implantável; um paciente evoluiu com morte súbita durante internação hospitalar; e os outros não tiveram intercorrências. Conclusão: A angiotomografia multislice das coronárias representa método propedêutico minimamente invasivo que possibilita detectar a origem, o curso e terminação das anomalias de origem das artérias coronarianas com excelente acurácia, possibilitando o correto diagnóstico e auxiliando no planejamento terapêutico.

  14. Sertralina e pancreatite aguda: relato de caso

    OpenAIRE

    Malbergier,André; Oliveira Júnior,Hercílio Pereira de

    2004-01-01

    A pancreatite aguda é uma patologia grave e com considerável morbidade e mortalidade. Vários fatores são apontados como possíveis causas de pancreatite aguda. Neste relato, será apresentado um caso de pancreatite aguda com possível associação causal com um inibidor seletivo de recaptura de serotonina: sertralina. Após um mês de tratamento com sertralina, uma paciente do sexo feminino, 55 anos, desenvolveu forte dor abdominal e elevação da amilase sérica. Após internação e retirada da sertrali...

  15. Fase aguda da esquistossomose mansoni

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edward Tonelli

    1972-10-01

    Full Text Available O A. faz um estudo panorâmico sobre a fase aguda da esquistossomose mansoni, abordando o quadro clínico e seu diagnóstico, os exames subsidiários, o diagnóstico diferencial, a terapêutica e os aspectos evolutivos. As manifestações clinicas dos períodos de incubação, de estado e de supressão são abordados. O diagnóstico da fase aguda é baseado em dado epidemiológico, 110 exame fisico e em exames subsidiários. O dado epidemiológico. em geral, é positivo, com menção a banho infectante, comumente 30 a 40 dias antes do início do quadro clínico e ao exame físico, encontramos hipertermia (38 - 4G°C, prostração, micropoliadenia hepatomegalia dolorosa em 95%, dos casos e esplenomegalia em 70% dos casos. Os exames prioritários para o diagnóstico são o exame parasiiológico de fezes seriado, que é positivo para ovos viáveis de S. mansoni e o leucograma seriado, que, geralmente, acusa leucocitose com eosinofilia. Em caso de dúvida ou para complementação diagnostica, podemos recorrer à endoscovia retal, ao oograma e á biópsia hepática. A endoscopia acusa, comumente, mucosa hiperêmica, edemaciada, friável, granulosa, com pontos hemorrágicos e o exame colhido por punção biópsia revela, entre outros achados, granulomas na fase necrótica-exsudativa. O diagnóstico diferencial deve ser feito com as seguintes entidades clínicas: gastroenterites. febre tifóide, disenteria bacilar, amebíase aguda, salmonelose septicêrnica prolongada, devendo, ainda, figurar a tuberculose miliar, abdome agudo, a G.N.D.A., a mononucleose infecciosa, a leptospirose, a hepatite e as poaneurites. A terapeutica é baseada nos cuidados gerais, na córticoterapia e na terapêutica específica. Observamos regressão dramática do quadro toxinfeccioso. nas primeiras 24 a 48 horas com a córticoterapia (prednisona que tem duração aproximada de 7 a 10 dias. A terapêutica específica (derivado nitrotiazolico = ambilhar e derivado hidroximet

  16. Tratamento cirúrgico das dissecções agudas de aorta do tipo B: técnica da "tromba de elefante" modificada pelo emprego de prótese intraluminal sem sutura Acute type B aortic dissection: surgical treatment using the Elephant Trunk technique

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo de Castro Bernardes

    1996-03-01

    Full Text Available Durante a última década, a cirurgia cardiovascular experimentou grande impulso, com o desenvolvimento de métodos de diagnóstico, técnicas de proteção miocárdica e cerebral, técnicas de sutura e circulação extracorpórea, que, somados à maior experiência dos cirurgiões, permitiu o questionamento da indicação do tratamento clínico para as dissecções agudas de aorta do tipo B, procurando, com o tratamento cirúrgico, redução da alta taxa de mortalidade desta doença. A técnica da "tromba de elefante", descrita por Borst, foi adaptada por Palma e Buffolo para o tratamento das dissecções agudas de aorta do tipo B, oferecendo bons resultados, além de facilidade técnica por não manipular o tecido doente e friável da aorta durante o ato cirúrgico. No período de 31/6/92 a 20/2/95, 7 pacientes foram operados com esta técnica sendo 1 paciente do sexo feminino e 6 do sexo masculino. Tivemos 2 (28,5% óbitos, que não podem ser relacionados à técnica cirúrgica. Neste trabalho, apresentamos modificação da técnica da "tromba de elefante", com o emprego do anel intraluminal, desenvolvido em nosso Serviço, dispensando qualquer tipo de sutura para anastomose, obtendo diminuição acentuada do tempo de parada circulatória total, permitindo dispensar a hipotermia profunda.During the last decade, cardiovascular surgery has experienced an extraordinary impetus through the development of the diagnostic methods, techniques of myocardic and cerebral protection, suture and extracorporeal circulation techniques, which provided greater experience to surgeons and permitted them to question the medical therapy recommendations for acute type B aortic dissection. The surgical treatment seeks to reduce the high mortality rate of this pathology in a short and long run. The Elephant Trunk technique, discribed by Borst and adapted by Palma and Buffolo, for the treatment of acute type B aortic dissection offers good results as well as a simple

  17. Ativação adrenérgica intramiocárdica na cardiomiopatia chagásica e doença arterial coronariana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciano Nastari

    2011-02-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A norepinefrina miocárdica está alterada na disfunção ventricular esquerda. Em pacientes com cardiomiopatia chagásica (CC, essa questão ainda não foi discutida. OBJETIVO: Determinar o nível de norepinefrina (NE miocárdica em pacientes com CC e compará-la em pacientes com doença arterial coronariana (DAC e relacionar NE miocárdica com a fração de ejeção do ventrículo esquerdo (FEVE. MÉTODOS: Estudamos 39 pacientes com CC, divididos em grupo 1: 21 indivíduos com FEVE normal e grupo 2: 18 com FEVE diminuída. Dezessete pacientes com DAC foram divididos em grupo 3: 12 indivíduos com FEVE normal e grupo 4: 5 indivíduos com FEVE diminuída. Ecocardiografia bidimensional foi usada para medir a FEVE. A NE miocárdica foi determinada através de Cromatografia Líquida de Alta Eficiência (HPLC. RESULTADOS: A NE miocárdica na CC com e sem disfunção ventricular foi 1,3±1,3 e 6,1±4,2 pg/μg de proteína não-colagenosa, respectivamente (p<0,0001; na DAC com e sem disfunção ventricular, foi 3,3±3,0 e 9,8±4,2 pg/μg de proteína não-colagenosa, respectivamente (p<0,0001. Uma correlação positive foi observada entre a FEVE e a concentração de NE miocárdica em pacientes com CC (p<0,01; r = 0,57 e também naqueles com DAC (p<0,01; r=0,69. Uma diferença significante foi demonstrada entre as concentrações de NE em pacientes com FEVE normal (grupos 1 e 3; p = 0,0182, mas nenhuma diferença foi observada em pacientes com FEVE diminuída (grupos 2 e 4; p = 0,1467. CONCLUSÃO: Pacientes com CC e fração de ejeção global normal apresentam uma denervação cardíaca precoce, quando comparados à pacientes com doença arterial coronariana.

  18. Perfil clínico-angiográfico na doença arterial coronariana: desfecho hospitalar com ênfase nos muito idosos Perfil clínico-angiográfico en la enfermedad arterial coronaria: desenlace hospitalario con énfasis en los muy añosos Clinical and angiographic profile in coronary artery disease: hospital outcome with emphasis on the very elderly

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Micheli Zanotti Galon

    2010-10-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Conhecer fatores de risco e manifestações clínicas da doença arterial coronariana (DAC permite-nos intervir de maneira mais eficaz junto a uma determinada população. OBJETIVO: Identificar perfis clínicos e angiográficos dos pacientes submetidos a cateterismo cardíaco, atendidos em um hospital terciário e tratados por meio de intervenções coronarianas percutâneas (ICP. MÉTODOS: Casuística de 1.282 pacientes submetidos a 1.410 cateterismos cardíacos, selecionados de mar/2007-mai/2008 em um banco de dados de um hospital geral para diagnóstico de doença arterial coronariana (DAC. Fatores de risco, indicação do exame, detalhes técnicos da ICP e desfechos intra-hospitalares foram prospectivamente coletados. RESULTADOS: Foram 688 (54,0% pacientes do sexo masculino, com média de idade de 65,4 ± 10,9 anos, sendo 20,0% acima dos 75 anos. O quadro clínico confirmado com mais frequência foi o de síndrome coronariana aguda (SCA sem supradesnivelamento do segmento ST (SST (38,7%. A DAC multiarterial ocorreu em 46,4%, foi indicada ICP em 464 pacientes, sendo tratadas 547 lesões-alvo (tipo B2 ou C, em 86,0%, sendo destas, 14,0% tratadas com stent farmacológico. Dentre os IAM com SST, ICP primária foi realizada em 19,0% dos pacientes, sendo que, destes, 77,0% foram transferidos dos hospitais de origem tardiamente (ICP tardia e não receberam trombolítico prévio, e 4,0% realizaram ICP de resgate. Foi obtido sucesso angiográfico em 94,2% das ICPs. Aconteceu óbito em 5,6% dos pacientes, tendo estes uma média de idade de 75,2 ± 10,2 anos. CONCLUSÃO: Observamos predomínio de idosos (estando 20,1% > 75 anos e do sexo masculino. Dos fatores de risco para DAC, os mais frequentes foram hipertensão arterial sistêmica e dislipidemia. Ocorreu predomínio da SCA. A idade > 75 anos, DAC multiarterial e a insuficiência renal crônica foram os preditores de óbito intra-hospitalar.FUNDAMENTO: Conocer factores de riesgo y

  19. Ao leitor sem medo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Eisenberg

    2000-05-01

    Full Text Available O texto resenha Ao leitor sem medo, de Renato Janine Ribeiro (Belo Horizonte, UFMG, 1999.This text is a review of Ao leitor sem medo by Renato Janine Ribeiro (Belo Horizonte, UFMG, 1999

  20. Microcristais biliares na pancreatite aguda idiopática: indício para etiologia biliar oculta subjacente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    CHEBLI Júlio Maria Fonseca

    2000-01-01

    Full Text Available As principais causas de inflamação pancreática no mundo são a litíase biliar e o alcoolismo crônico. Admite-se que 10 a 30% das pancreatites agudas sejam idiopáticas. Sugere-se que parte destas são causadas por microlitíase ou barro biliar, identificados pela presença de microcristais no sedimento biliar. Neste estudo, realizou-se análise microscópica da bile obtida por colangiopancreatografia endoscópica, em pacientes com pancreatite aguda idiopática, pancreatite aguda biliar e pancreatite crônica alcoólica - 20 em cada grupo. Pacientes com pancreatite aguda idiopática e microcristais na bile foram submetidos a colecistectomia. Naqueles inaptos à cirurgia efetuou-se esfincterotomia endoscópica ou tratamento com ácido ursodesoxicólico. Pacientes com pancreatite aguda idiopática sem cristais não receberam tratamento específico. A prevalência de microcristais biliares em pacientes com pancreatite aguda idiopática (75% e pancreatite aguda biliar (90% foi significativamente maior que naqueles com pancreatite crônica alcoólica (15%. A detecção de microcristais apresentou sensibilidade de 90%, especificidade de 85%, valor preditivo positivo de 85,7%, valor preditivo negativo de 89,4% e acurácia de 87,5% em identificar pancreatite de origem biliar. Nos pacientes com pancreatite aguda idiopática recurrente, cursando com microcristais, houve redução significante dos episódios de pancreatite após tratamento específico. No seguimento deste grupo durante 23,3 meses, recidiva ocorreu apenas naqueles que apresentavam "fator biliar persistente" (coledocolitíase ou microcristais. Todos os pacientes com pancreatite aguda idiopática submetidos a colecistectomia apresentavam colecistite crônica, e microlitíase foi observada em um paciente. No seguimento ultra-sonográfico, colelitíase foi detectada em um dos casos. No subgrupo de cinco pacientes com pancreatite aguda idiopática sem microcristais houve uma recidiva. Estudo

  1. Mucocele apendicular y colecistitis aguda gangrenada

    OpenAIRE

    Mauricio de la Fuente-Lira; Erick Rolando Rocha-Guevara; María Luisa Márquez-Rocha; Carlos Salazar-Lozano; Omar Jaramillo-Solís; Alma Lilia Ortiz-Maldonado

    2006-01-01

    Objetivo: descripción de un caso de mucocele apendicular y colecistitis aguda gangrenada, atendido en el Hospital de Especialidades, Centro Médico Nacional Siglo XXI, IMSS. Caso clínico: hombre de 80 años de edad que ingresó al hospital con diagnóstico de colecistitis aguda y tumor abdominal de etiología desconocida, dolor abdominal de 10 días de evolución localizado en hipocondrio derecho, sin fiebre ni pérdida importante de peso. Los exámenes de laboratorio mostraron únicamente leucocitosis...

  2. Uso de Intervenções Baseadas em Evidências na Síndrome Coronária Aguda – Subanálise do Registro ACCEPT

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Wang

    2014-04-01

    Full Text Available Fundamento: As diretrizes baseiam-se em evidências para pautar suas recomendações; apesar disso, há uma lacuna entre o recomendado e a prática clínica. Objetivo: Descrever a prática de prescrição de tratamentos com indicação baseada em diretrizes para pacientes com síndrome coronariana aguda no Brasil. Métodos: Foi realizada uma subanálise do registro ACCEPT, na qual foram avaliados os dados epidemiológicos e a taxa de prescrição de ácido acetilsalicílico, inibidores P2Y12, antitrombóticos, betabloqueadores, inibidores da enzima conversora de angiotensina/bloqueadores AT1 e estatinas. Além disso, avaliou-se a qualidade da reperfusão coronariana no infarto com supradesnivelamento do segmento ST. Resultados: Foram avaliados 2.453 pacientes. As taxas de prescrição de ácido acetilsalicílico, inibidores de P2Y12, antitrombóticos, betabloqueadores, inibidores da enzima conversora de angiotensina/bloqueadores AT1 e estatinas foram, respectivamente, de 97,6%, 89,5%, 89,1, 80,2%, 67,9%, 90,6%, em 24 horas, e, respectivamente, de 89,3%, 53,6, 0%, 74,4%, 57,6%, 85,4%, em 6 meses. Com relação ao infarto com supradesnivelamento do segmento ST, somente 35,9% e 25,3% dos pacientes foram submetidos a angioplastia primária e trombólise, respectivamente, nos tempos recomendados. Conclusão: Este registro mostrou altas taxas de prescrição inicial de antiplaquetários, antitrombóticos e estatina, bem como taxas mais baixas de betabloqueadores e de inibidores da enzima conversora de angiotensina/bloqueadores AT1. Independentemente da classe, todos apresentaram queda do uso aos 6 meses. A maioria dos pacientes com infarto com supradesnivelamento do segmento ST não foi submetida a reperfusão coronariana no tempo recomendado.

  3. Valor do escore de calcio coronariano para prever a gravidade ou complexidade da doenca arterial coronariana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tayyar Gokdeniz

    2014-03-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A previsão de gravidade ou complexidade da doença arterial coronariana (DAC é valiosa devido ao aumento do risco de eventos cardiovasculares. Embora a associação entre o escore do cálcio arterial coronariano (CAC, e a gravidade da DAC pelo escore Gensini não tenha sido utilizado, já foi anteriormente demonstrado. Não há informações sobre a associação entre o escore do CAC total e a complexidade da DAC. OBJETIVOS: Investigar a associação entre a gravidade ou complexidade da doença arterial coronariana (DAC, avaliada pelo escore Gensini e SYNTAX (SS, respectivamente, e o escore do cálcio arterial coronariano (CAC, um método não invasivo para avaliação de DAC em pacientes sintomáticos com DAC significativa. MÉTODOS: Duzentos e quatorze pacientes foram incluídos. A pontuação total do CAC foi obtido antes da angiografia. A severidade e complexidade da DAC foram avaliadas pelo escore Gensini e SS, respectivamente. Foram analisadas as associações entre parâmetros clínicos e angiográficos e o escore total do CAC. RESULTADOS: A mediana do escore total do CAC foi de 192 (23,0-729,8, e correlacionou-se positivamente com ambos os escores Gensini (r: 0,299, p 809 para ES > 32 (tercil de SS alto. CONCLUSÃO: Em pacientes sintomáticos com DAC significativa, o escore total de CAC foi independentemente associado com SS e os pacientes com SS > 32 podem ser detectados através de escore Agatston alto.

  4. VIH: Infeccion aguda, pesquisa y manejo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cortés S. Esteban, Dr.

    2014-05-01

    Si bien existe una relativa facilidad para realizar el diagnóstico de un paciente con la infección crónica por VIH, existe por otro lado una relativa dificultad para realizar el diagnóstico de la infección aguda en etapas tempranas de la infección. Esta situación es de importancia desde el punto de vista de la Salud Pública por cuanto en la infección aguda es cuando se producen las viremias más elevadas y por tanto la mayor facilidad para que el sujeto sea infectante y disemine la infección viral.

  5. Leucemia promielocítica aguda

    OpenAIRE

    Durigon, Giovanna Steffenello

    2014-01-01

    Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Farmácia, Florianópolis, 2014. A leucemia promielocítica aguda (LPA) é um subtipo distinto de leucemia mieloide aguda (LMA), caracterizado pela presença de um acúmulo de promielócitos anormais na medula óssea e/ou sangue periférico, com risco de coagulopatia e a presença da translocação recíproca e balanceada entre os cromossomas 15 e 17 t(15;17)(q22;q12) e variantes. ...

  6. Dor aguda no joelho do paciente idoso Acute knee pain in elderly patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gilberto Luís Camanho

    2008-09-01

    Full Text Available A dor aguda no joelho de pacientes idosos é freqüente, sendo caracterizada por seu aparecimento súbito, sem causa aparente, com exame radiográfico dentro dos padrões da normalidade, na maioria dos casos. A etiologia da dor aguda no joelho é decorrente de insuficiência das estruturas, e seu quadro clínico difere completamente daquele determinado pela osteoartrose, sendo sempre unilateral e ocorre na grande maioria em pacientes do sexo feminino, após a quinta década de vida, e na região medial do joelho (local de maior carga. Com o propósito de analisar as possíveis etiologias para a dor aguda do joelho de pacientes acima de 60 anos de idade, suas características e tratamento, os autores discutem as etiologias relacionadas à dor aguda: lesão meniscal, fratura por fadiga e osteonecrose idiopática.Acute knee pain in elderly patients is not uncommon, and is characterized by a sudden onset, no apparent cause, and by normal radiographic findings in most cases. The etiology of acute knee pain is the result of insufficient structures, and clinical symptoms are totally different from the symptoms seen in osteoarthrosis. This acute pain in the knee is always unilateral and in the medial region of the knee joint (site with the heaviest load, predominantly in females after the fifth decade of live. In order to consider the possible etiologies for acute knee joint pain in patients older than 60 years, its characteristics and treatment, the authors discuss etiologies related to acute pain: lesion of the meniscus, stress fracture, and idiopathic osteonecrosis.

  7. Bases moleculares de las leucemias agudas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    G. Martínez Antuña

    2006-04-01

    Full Text Available El gran desarrollo de la biología molecular en los últimos años ha contribuido a un importante avance en los conocimientos relacionados con las bases moleculares de las leucemias agudas (LA. Ademas de profundizar en la biología de estas enfermedades y conocer las bases moleculares, ha renido también gran impacto en mejorar el resultado de los tratamientos y disminuir la toxicidad de las terapias.

  8. Comportamiento de la otitis media aguda

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gladys Fuentes Fernández

    Full Text Available Introducción: la otitis media aguda es una complicación de las infecciones respiratorias agudas altas, frecuente en los niños menores de 5 años. Objetivos: caracterizar su comportamiento, según edad y sexo, e identificar algunos factores de riesgo en este grupo de edad. Métodos: se realizó un estudio descriptivo retrospectivo de 554 niños ingresados en el hospital Pediátrico de Centro Habana con el diagnóstico de otitis media aguda, durante los años 2006-2010. Los datos se recogieron de las historias clínicas. Resultados: la otitis media aguda fue más frecuente en el sexo masculino (58,7 % y en los menores de 1 año (53,1 %. El antecedente de bajo peso (33,9 % y la prematuridad (27,5 %, la asistencia a círculos infantiles (43,5 % y el hábito de fumar de los padres (58,4 %, además del antecedente de ingresos hospitalarios por otitis media en el mes previo a la aparición del episodio actual (59,0 %, constituyeron los principales factores de riesgo en el presente estudio. Conclusiones: la otitis media es una causa frecuente de ingresos hospitalarios, y se identifican como principales factores de riesgo la asistencia a círculos infantiles y el tabaquismo de algunos de los padres.

  9. Fístula coronariana para ventrículo esquerdo: diagnóstico por tomografia computadorizada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberto Moreno Mendonça

    2011-10-01

    Full Text Available Fístulas de artérias coronárias são raras, sendo diagnosticadas mais frequentemente pelo ecocardiograma ou pela cineangiocoronariografia, entretanto, a angiotomografia computadorizada (angio-TC das coronárias ganha espaço. Essa patologia apresenta incidência baixíssima, sendo as fístulas originadas da coronária direita mais frequentes. Fístulas coronarianas para câmaras cardíacas direitas são mais incidentes, sendo raras para o ventrículo esquerdo (VE. O tratamento pode ser cirúrgico ou percutâneo. Este relato descreve caso de fístula coronariana para VE diagnosticada pela angio-TC das coronárias em homem de 46 anos, hipertenso, assintomático com teste ergométrico positivo para isquemia. Angio-TC de coronárias descartou doença obstrutiva, porém revelou fístula coronariana conectando-se com cavidade ventricular esquerda.

  10. Linfonodo pulmonar na paracoccidioidomicose aguda infantil (relato de um caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Evanil Pires de Campos

    1992-09-01

    Full Text Available Observou-se a evolução de um linfonodo pulmonar na paracoccidioidomicose (PCM aguda infantil. Doente, masculino, 6 anos, branco, natural de Curitiba (PR, procedente de Guaratinguetá (SP, que há 3 meses desenvolveu quadro gripal, febre diária, bimodal, prolongada, precedida de calafrio, acompanhada de sudorese inodora, cefaléia frontal e anorexia. Diagnosticado e tratado como pneumonia por cinco dias, sem melhora do quadro. Há 2 meses, apresentou dor óssea nos braços e articulações do pé, com edema inflamatório e emagrecimento de 6 kg em 3 meses. Exame físico revelou: peso 20 kg; estatura 120 cm; P. A. 90/60 mmHg; facies atípica, hipoativo, palidez cutâneo-mucosa (+ +, hipotrofia muscular, adenopatiageneralizada, sopro sistólico suave em foco aórtico acessório e hepatesplenomegalia. Imunodifusão com exoantígeno glicoprotéico 43 kdpositiva (1/32. A biópsia de gânglio revelou Paracoccidioides brasiliensis. A radiologia demonstrou na primeira consulta, discreto infiltrado intersticial bilateral com linfoadenomegaliapara-hilar que desaparecu em 30 dias. Observou- se, ainda, massa tumoral mediastínica superior, hiperplasia do sistema fagocítico mononuclear e lesões osteolíticas nos 60 dias iniciais da evolução.

  11. Meningoencefalite na fase aguda do sarampo : relato de seis casos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    EL-FAR FABIANE

    2000-01-01

    Full Text Available Apresentamos 6 casos de meningoencefalite aguda por sarampo, diagnosticados durante epidemia na cidade de São Paulo, em 1997. Os prontuários dos 6 pacientes foram analisados retrospectivamente. O diagnóstico de meningoencefalite baseou-se nas alterações clínicas e liquóricas, e foi confirmado por sorologia específica. Dos 467 pacientes com sarampo atendidos no Instituto de Infectologia Emílio Ribas nesse período, estes 6 evoluíram com alterações neurológicas e liquóricas durante a fase exantemática, sendo a sonolência e rigidez de nuca os achados mais frequentes. Os pacientes tinham entre 2 meses e 28 anos de idade. O exame do líquor mostrou pleocitose em todos. Não houve correlação entre a severidade do quadro clínico e liquórico com a evolução. Em 4 casos foi necessária internação na unidade de terapia intensiva; destes, 2 foram intubados. Apenas 2 pacientes apresentaram alterações na tomografia computadorizada de crânio. Todos tiveram boa evolução, sem sequelas.

  12. SEM microcharacterization of semiconductors

    CERN Document Server

    Holt, D B

    1989-01-01

    Applications of SEM techniques of microcharacterization have proliferated to cover every type of material and virtually every branch of science and technology. This book emphasizes the fundamental physical principles. The first section deals with the foundation of microcharacterization in electron beam instruments and the second deals with the interpretation of the information obtained in the main operating modes of a scanning electron microscope.

  13. Intoxicación aguda por plaguicidas

    OpenAIRE

    Durán-Nah Jaime Jesús; Collí-Quintal Julián

    2000-01-01

    OBJETIVO: Describir la epidemiología de la intoxicación aguda por plaguicidas (IAP) en el Hospital General O'Horán de Mérida, Yucatán, México. MATERIAL Y MÉTODOS: Se revisaron los expedientes de 33 pacientes superscript three 13 años, tratados en una unidad de cuidados intensivos (UCI), entre 1994 y 1998. Se recopilaron variables demográficas y clínicas relevantes, y se aplicó estadística descriptiva. RESULTADOS: En la población estudiada predominó el sexo masculino (82%) del medio rural (70%...

  14. Eventos vitais estressores e lesão renal aguda em centros de terapia semi-intensiva e intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Denise Para Diniz

    2012-03-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Diversos estudos evidenciam que as alterações fisiopatológicas, quando associadas ao estresse, podem influenciar a fisiologia renal e estão associadas ao aparecimento de doenças. Entretanto, não foi encontrado nenhum estudo que tivesse realizado investigação associando estresse e lesão renal aguda. OBJETIVO: Avaliar a associação entre os eventos vitais estressores e o diagnóstico de lesão renal aguda, especificando as classes de eventos mais estressores para esses pacientes, nos últimos 12 meses. MÉTODOS: Estudo caso-controle. Foi realizado no Hospital São Paulo da Universidade Federal de São Paulo e no Hospital dos Servidores do Estado de São Paulo. Foram incluídos pacientes com lesão renal aguda, sem doenças crônicas, assistidos em Centros de Terapia Intensiva ou semi-intensivas. Os Controles incluíram pacientes assistidos nos mesmos Centros de Terapia Intensiva, com outras doenças agudas, exceto lesão renal aguda e, também, sem doenças crônicas. Dos 579 pacientes inicialmente identificados, 475 responderam ao instrumento Social Readjustment Rating Scale (SRRS e 398 pacientes foram pareados por idade e sexo (199 casos/199 controles. RESULTADOS: Constatou-se que a frequência dos eventos vitais estressores nos casos apresentava equivalência estatística aos controles. A regressão logística para examinar os efeitos combinados das variáveis independentes associados aos eventos estressantes evidenciou que: o aumento da idade e as classes econômicas AB intensificam a chance da presença do evento estressante em cerca de duas vezes; as classes socioeconômicas AB do Hospital São Paulo elevam a chance de evento estressante. CONCLUSÕES: O presente estudo não evidenciou que o grupo com lesão renal aguda estivesse associado à maior frequência de eventos estressores, mas idade e renda elevadas e, ainda, o tipo de centro clínico estão associados.

  15. Relação entre cintilografia miocárdica e angiotomografia na avaliação da doença coronariana

    OpenAIRE

    2013-01-01

    FUNDAMENTO: A angiotomografia coronariana por múltiplos detectores (Angio TC) tem demonstrado boa acurácia para detecção de estenose coronariana. Embora essa técnica seja promissora para avaliação da DAC, sua correlação com a manifestação funcional da doença ainda não está bem estabelecida. OBJETIVO: Avaliar se a presença de DAC e o grau de obstrução coronariana avaliados pela Angio TC se associam com alterações no exame de Cintilografia de Perfusão Miocárdica (CPM). MÉTODOS: Estudo observaci...

  16. Space Experiment Module (SEM)

    Science.gov (United States)

    Brodell, Charles L.

    1999-01-01

    The Space Experiment Module (SEM) Program is an education initiative sponsored by the National Aeronautics and Space Administration (NASA) Shuttle Small Payloads Project. The program provides nationwide educational access to space for Kindergarten through University level students. The SEM program focuses on the science of zero-gravity and microgravity. Within the program, NASA provides small containers or "modules" for students to fly experiments on the Space Shuttle. The experiments are created, designed, built, and implemented by students with teacher and/or mentor guidance. Student experiment modules are flown in a "carrier" which resides in the cargo bay of the Space Shuttle. The carrier supplies power to, and the means to control and collect data from each experiment.

  17. INSUFICIENCIA RENAL AGUDA CON UREMIA NORMAL EN PACIENTE MONO-RENO SECUNDARIA A PIELONEFRITIS AGUDA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Musso CG

    2006-03-01

    Full Text Available RESUMEN:La insuficiencia renal aguda es un sindrome que característicamente cursa con niveles plasmáticos elevados de urea y creatinina. Sin embargo, hay situaciones clínicas en las cuales este sindrome puede cursar con un incremento de la creatininemia sin presentar elevación de la uremia.En este reporte presentamos un caso clínico de una insuficiencia renal aguda con uremia normal secundaria a una pielonefritis aguda en un paciente con riñón único. El paciente presentaba una elevada excreción fraccional de urea lo cual podía explicar su uremia normal pese a estar cursando una caída del filtrado gomerular. Dicha excreción de urea elevada fue interpretada como secundaria a una diabetes insipida nefrogénica y una alteración en el recirculado intra-renal de la urea ambos producto de la pielonefritis aguda. Concluimos que la pielonefritis aguda en un paciente mono-reno puede presentarse con un patrón de insuficiencia renal aguda con uremia normal. SUMMARYAcute renal failure is a syndrome that usually runs with an increase in creatinine and urea plasma levels. However, there are clinical situations in which this syndrome may run with an increase in plasma creatinine keeping normal the urea one.In this report we present a case of acute renal failure with normal plasma urea level secondary to an acute pyelonephritis in a single kidney patient. The patient had an increased fractional excretion of urea which could explain the normal plasma urea levels found despite of his reduced glomerular filtration. This increased urea excretion state was interpreted as a consequence of the nephrogenic diabetes insipidus and alteration of the intra-renal urea reciclying process that the acute pyelonephritis induced. In conclusion: Acute pyelonephritis in a single kidney patient can appear as a pattern of acute renal failure with normal plasma urea levels.

  18. INSUFICIENCIA RENAL AGUDA CON UREMIA NORMAL EN PACIENTE MONO-RENO SECUNDARIA A PIELONEFRITIS AGUDA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Musso CG

    2007-04-01

    Full Text Available RESUMENLa insuficiencia renal aguda es un sindrome que característicamente cursa con niveles plasmáticos elevados de urea y creatinina. Sin embargo, hay situaciones clínicas en las cuales este sindrome puede cursar con un incremento de la creatininemia sin presentar elevación de la uremia. En este reporte presentamos un caso clínico de una insuficiencia renal aguda con uremia normal secundaria a una pielonefritis aguda en un paciente con riñón único. El paciente presentaba una elevada excreción fraccional de urea lo cual podía explicar su uremia normal pese a estar cursando una caída del filtrado gomerular. Dicha excreción de urea elevada fue interpretada como secundaria a una diabetes insipida nefrogénica y una alteración en el recirculado intra-renal de la urea ambos producto de la pielonefritis aguda. Concluimos que la pielonefritis aguda en un paciente mono-reno puede presentarse con un patrón de insuficiencia renal aguda con uremia normal.SUMMARYAcute renal failure is a syndrome that usually runs with an increase in creatinine and urea plasma levels. However, there are clinical situations in which this syndrome may run with an increase in plasma creatinine keeping normal the urea one. In this report we present a case of acute renal failure with normal plasma urea level secondary to an acute pyelonephritis in a single kidney patient. The patient had an increased fractional excretion of urea which could explain the normal plasma urea levels found despite of his reduced glomerular filtration. This increased urea excretion state was interpreted as a consequence of the nephrogenic diabetes insipidus and alteration of the intra-renal urea reciclying process that the acute pyelonephritis induced. In conclusion: Acute pyelonephritis in a single kidney patient can appear as a pattern of acute renal failure with normal plasma urea levels.

  19. Isquemia silenciosa na doença coronariana estável em vigência de tratamento medicamentoso

    OpenAIRE

    2007-01-01

    FUNDAMENTO: Existem poucos dados sobre comportamento da isquemia miocárdica às atividades habituais na vigência da medicação em pacientes com doença coronariana. OBJETIVO: Estudar mecanismo gerador da isquemia miocárdica avaliando-se o comportamento da pressão arterial e da freqüência cardíaca em pacientes com doença aterosclerótica estável, medicados e com evidência de isquemia. MÉTODOS: Cinqüenta pacientes (40 homens) realizaram ambulatorialmente por 24 horas a monitorização eletrocardiográ...

  20. Valor prognóstico da hiperglicemia de estresse na evolução intra-hospitalar na coronariopatia aguda Prognostic value of stress hyperglycemia for in-hospital outcome in acute coronary artery disease

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Passos Pinheiro

    2013-02-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Na síndrome coronariana aguda (SCA, a hiperglicemia, à admissão hospitalar, está associada à presença de eventos adversos cardiovasculares em pacientes com ou sem diabetes. OBJETIVO: Avaliar o valor prognóstico da hiperglicemia de estresse na evolução intra-hospitalar de pacientes admitidos por SCA. MÉTODOS: Foram incluídos 152 pacientes admitidos, entre setembro de 2005 e fevereiro de 2010, em unidade de dor torácica de hospital terciário com diagnóstico de SCA, que apresentavam valor da glicemia laboratorial na admissão. O grupo I foi formado pelos pacientes com hiperglicemia de estresse, definida por glicemia na admissão > 126 mg/dL em não diabéticos e > 200 mg/dL nos diabéticos, e o grupo II pelos pacientes com níveis glicêmicos inferiores aos níveis estabelecidos. Analisou-se a associação da hiperglicemia e evolução intra-hospitalar. RESULTADOS: A hiperglicemia de estresse associou-se a complicações intra-hospitalares, aumento da idade e gênero feminino. Na análise multivariada, apenas gênero feminino (OR = 2,04; IC95% 1,03 - 4,06, p = 0,007 e complicações intra-hospitalares (OR = 3,65; IC95% 1,62 - 8,19, p = 0,002 se associaram de forma independente à hiperglicemia na admissão. CONCLUSÃO: A hiperglicemia de estresse é fator preditivo independente para complicações intra-hospitalares após SCA em pacientes diabéticos ou não. Os resultados alertam para a necessidade de avaliarmos a glicemia na admissão em todos os pacientes admitidos por SCA, incluindo os não diabéticos, com o intuito de identificarmos os indivíduos com maior risco de complicações.BACKGROUND: In acute coronary syndrome (ACS, admission hyperglycemia is associated with adverse cardiovascular events in diabetic and nondiabetic patients. OBJECTIVE: To assess the prognostic value of stress hyperglycemia for the in-hospital outcome of patients admitted due to ACS. METHODS: This study included 152 patients admitted to the

  1. Bronquiolite aguda, uma revisão atualizada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Werther Brunow de Carvalho

    Full Text Available A bronquiolite aguda (BA é um diagnóstico freqüente de internação hospitalar em pediatria, ocasionada principalmente pelo vírus sincicial respiratório (VSR. Ocorre epidemicamente nos meses de outono e inverno. Algumas populações de crianças (recém-nascidos pré-termo, cardiopatia congênita, doença pulmonar crônica, imunocomprometidos, desnutridos, entre outros apresentam maior risco de morbidade e mortalidade. Os vírus multiplicam-se nas células epiteliais ciliadas, e a inflamação e os debris celulares ocasionam obstrução da via aérea, hiperinsuflação, atelectasia localizada, chiado e alterações das trocas gasosas. Não existem evidências definitivas em relação aos tratamentos utilizados para esta doença. O tratamento inclui a utilização de oxigênio, hidratação, beta-2 agonistas por via inalatória, epinefrina racêmica, DNase recombinante, fisioterapia respiratória, entre outros. Medidas profiláticas: administração de anticorpos monoclonais (palivizumab. A maioria das crianças com BA, independentemente da gravidade da doença, recuperam-se sem seqüelas. O curso natural desta doença, habitualmente, varia entre sete a dez dias, mas algumas crianças permanecem doentes por semanas.

  2. Gerenciamento de enfermagem: situações que facilitam ou dificultam o cuidado na unidade coronariana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniele Fernandes de Aguiar

    2010-01-01

    Full Text Available La asistencia de enfermería en la Unidad Coranariana requiere un equipo de cuidados de salud especializado, equipamientos de alta tecnología y un liderazgo atento a las facilidades y dificultades diarias del cuidado de enfermería. Objetivo: discutir los aspectos que facilitan y dificultan la administración de enfermería en la unidad coronariana. Métodos: se realizó una investigación bibliográfica en la base de datos SciELO y recolección de datos, utilizando un plan de entrevista semiestructurada con 6 enfermeras líderes del sector de la unidad coronaria del Hospital Universitario de la Universidad Federal de Río de Janeiro. Resultados: acerca de los aspectos que facilitan la administración de enfermería, los estudios seleccionados y las enfermeras apuntaron factores objetivos y subjetivos, respectivamente, como el uso de instrumentos de la distribución del equipo y la buena comunicación y relación interpersonal. Sobre los aspectos que la dificultan, han señalado la mecanización de la enfermera, la complejidad de una unidad de cuidados críticos y la escasez de recursos materiales. Conclusiones: es deber de la administración de enfermería identificar estos factores, para permitir mejor desempeño de los profesionales y, en consecuencia, asistencia más eficaz y segura para los pacientes y sus familias.

  3. Coréia aguda na gravidez

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Walter C. Pereira

    1967-12-01

    Full Text Available São apresentados doze casos de coréia aguda observados entre 150.000 gestantes (1/12.500. A maioria dos surtos ocorreu no segundo trimestre da primeira gravidez. A duração média dos sintomas foi de três meses, não tendo sido registrado caso algum de óbito materno. Todos os partos foram espontâneos e normais. Houve apenas um óbito fetal conseqüente a choque hemorrágico. São tecidas considerações a propósito dos aspectos clínico, laboratorial e prognóstico da coréia gravídica, sendo focalizado mais pormenorizadamente o problema fisiopatogênico dessa afecção.

  4. Un test per la faringits aguda

    OpenAIRE

    Madurell, Jordi

    2013-01-01

    La faringitis aguda és una de les raons més freqüents de consulta del metge d’atenció primària i en la major part dels casos es prescriu un antibiòtic. Ara bé, segons l'evidència científica només han de ser tractats amb antibiòtics aquells episodis de faringitis causats per un bacteri determinat, l'estreptococ β-hemolític del grup A (EBHGA). Segons sembla, només un 10-30% dels episodis aguts en nens i 10-15% dels casos en adults són causats per EBHGA. Aquesta tesi, presentada al Departament d...

  5. Insufici??ncia renal aguda em pacientes com doen??a glomerular: aspectos histol??gicos e papel da necrose tubular aguda

    OpenAIRE

    Tavares, Maria Brand??o

    2011-01-01

    A insufici??ncia renal aguda ?? comum em pacientes com s??ndrome nefr??tica, podendo requerer terapia de substitui????o renal e ser irrevers??vel. A insufici??ncia renal aguda nesses pacientes pode ser precipitada por processos infecciosos, hipovolemia, drogas nefrot??xicas; entretanto na maioria dos casos a etiologia n??o ?? identificada e a insufici??ncia renal aguda ?? considerada idiop??tica. A necrose tubular aguda foi associada ?? insufici??ncia renal aguda em adultos com les??o m??nima...

  6. Monocitose é um marcador de risco independente para a doença arterial coronariana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Afiune Neto Abrahão

    2006-01-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Inflamação e ativação das células do sistema imunológico têm participação importante na patogênese da aterosclerose. Este estudo analisa o leucograma que incluiu neutrófilos, eosinófilos, linfócitos, monócitos e basófilos dos pacientes com doença arterial coronariana (DAC crônica e no infarto agudo do miocárdio (IAM. MÉTODOS: Analisamos o leucograma de 232 pacientes não-diabéticos, com idade entre 15 e 88 anos. A DAC estava presente em 142 pacientes (57 com DAC estável e 85 com IAM, diagnosticada angiograficamente, comparada a 90 indivíduos-controle. Os grupos controle e DAC foram comparáveis para a idade, índice de massa corpórea, antecedentes familiares, tabagismo, hipertensão, HDL e LDL (todas variáveis com p > 0,25. RESULTADOS: A análise univariada mostrou maior prevalência de leucocitose na DAC, sendo maior nos pacientes com IAM quando comparados com a DAC estável. O mesmo comportamento foi observado para os monócitos. Porém, a distribuição foi semelhante para as demais células do hemograma. A análise multivariada pelo método da regressão logística, utilizando-se os modelos stepwise (todas variáveis e backward (p < 0,25, mostrou que a monocitose foi variável independente para DAC e para o IAM. CONCLUSÃO: O número de monócitos, um dos mais importantes componentes do processo inflamatório na placa aterosclerótica, foi um marcador de risco independente para a DAC e para o IAM.

  7. Dacriocistite aguda: relato de 2 casos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvia Helena Tavares Lorena

    2011-02-01

    Full Text Available A obstrução da via lacrimal no adulto pode ser congênita ou adquirida. No caso da forma adquirida, a etiologia se classifica em não específicas (o que envolve o epitélio de revestimento e/ou o plexo vascular submucoso do ducto lácrimo-nasal e específicas (infecções, inflamações, traumatismos, tumores e iatrogenias. O diagnóstico é estabelecido por meio da anamnese, seguida de avaliação clínica baseada na semiologia das vias lacrimais. Os pacientes acometidos pela obstrução da via lacrimal apresentam epífora, dores agudas e tumefação, principalmente na região do saco lacrimal, ocasionando ainda ectasia do mesmo em grau variável, podendo culminar com fistulização cutânea. Ao exame por imagem, utilizamos rotineiramente a dacriocistografia, que representa um ótimo meio de indicar a técnica cirúrgica mais viável. A dacriocistorrinostomia é indicada assim que for tratado o quadro clínico agudo inflamatório.

  8. Esofagitis necrotizante aguda: Una entidad inusual

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvana E. Pramparo

    2010-12-01

    Full Text Available La esofagitis necrotizante aguda (ENA, también denominada esófago negro, es una rara enfermedad poco descripta en la literatura médica. Describimos el caso de un hombre de 80 años, con hemorragia digestiva alta quien desarrolló un esófago negro luego de un episodio de hipotensión. La necrosis fue confirmada histológicamente. Los pacientes se presentan con hematemesis y melena en más del 70% de los casos. Los hallazgos endoscópicos muestran una coloración negruzca de la mucosa esofágica. El diagnóstico se realiza con endoscopia y confirmación histológica. La mortalidad es alta (más del 50% aunque relacionada a las enfermedades de base del paciente. Por último, podemos decir que la sospecha es muy importante en el diagnóstico de ENA, particularmente en pacientes ancianos con enfermedades asociadas y evidencia de hemorragia digestiva alta. En este trabajo describimos las características clínicas, endoscópicas e histopatológicas de un paciente con ENA.

  9. Intoxicación aguda por plaguicidas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Durán-Nah Jaime Jesús

    2000-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Describir la epidemiología de la intoxicación aguda por plaguicidas (IAP en el Hospital General O'Horán de Mérida, Yucatán, México. MATERIAL Y MÉTODOS: Se revisaron los expedientes de 33 pacientes superscript three 13 años, tratados en una unidad de cuidados intensivos (UCI, entre 1994 y 1998. Se recopilaron variables demográficas y clínicas relevantes, y se aplicó estadística descriptiva. RESULTADOS: En la población estudiada predominó el sexo masculino (82% del medio rural (70%, y la edad media fue de 34 ± 15.8 años. El intento de suicidio fue causa frecuente de IAP (79%, y en 33% de los casos la intoxicación se produjo por la utilización de organofosforados. La mortalidad fue de 12%. CONCLUSIONES: La IAP fue baja entre los sujetos del medio rural, por lo que los resultados de este estudio parecen no reflejar la realidad del problema. Es importante añadir que los plaguicidas son utilizados con relativa frecuencia para el intento de suicidio.

  10. Dissecção coronariana espontânea: relato de caso Spontaneous coronary dissection: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo J. Ventura Couto

    2007-03-01

    Full Text Available O objetivo do trabalho é demonstrar o caso de um homem de 62 anos, com quadro de dissecção coronariana espontânea, localizada em 1/3 inicial de coronária circunflexa esquerda, tratado cirurgicamente com revascularização miocárdica. A operação realizada com sucesso demonstra, nesse caso, ser o único meio possível de cura.The purpose of the paper is to demonstrate the case of a 62-year-old man, with spontaneous coronary dissection of the left circumflex artery, treated surgically by myocardial revascularization. The successfully accomplished surgery demonstrates, in this case, to be the only possible way of a cure.

  11. Variación estacional de la apendicitis aguda

    OpenAIRE

    Mendoza-Rojas, Hubert James; Hospital III de Emergencias Grau (EsSalud); Valle-Bayona, José Julio; Facultad de Medicina Humana, USMP.

    2016-01-01

    RESUMENEn pacientes adultos, en países con altas y bajas temperaturas describen un incremento de la frecuencia de la apendicitis aguda en verano y primavera, y disminución en otoño e invierno.Objetivo: Conocer si aumentaron los casos de apendicitis agudas atendidos en las estaciones de verano y primavera durante 2005-2014 en el Hospital de Emergencias Grau de Lima.Material y Métodos: Estudio observacional, transversal y retrospectivo. Muestreo no probabilístico, tamaño de la muestra de 6,917 ...

  12. Pancreatitis aguda recurrente: Presentación de caso

    OpenAIRE

    López Valdés, Julio César

    2014-01-01

    La pancreatitis aguda recurrente (PAR) es un trastorno de origen multifactorial, con una manifestación clínica variable, lo cual incrementa las dificultades para distinguir una crisis de pancreatitis crónica de otra aguda; cuyo diagnóstico dependerá ampliamente de la historia clínica y de los estudios paraclínicos pertinentes a su sospecha. Asimismo, su adecuado tratamiento será subordinado a la diferenciación entre sus causas. Por ello, debe tenerse en mente que es una enfermedad inflamatori...

  13. Tratamiento fisioterápico en la bronquiolitis aguda infantil

    OpenAIRE

    Calonge García, Paula

    2016-01-01

    Introducción: La bronquiolitis aguda infantil es una de las principales causas de morbimortalidad en los niños cuya máxima incidencia está aumentando mucho en los últimos años generando así multitud de costes socioeconómicos. Objetivo: Realizar una revisión bibliográfica sobre las principales técnicas que se utilizan en fisioterapia respiratoria para conocer su evidencia y efectividad en los lactantes con bronquiolitis aguda infantil. Metodología: Se utilizaron las bases de datos MEDLIN...

  14. Lesiones periapicales agudas en pacientes adultos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    María Elena Fernández Collazo

    2012-06-01

    Full Text Available Se realizó un estudio analítico de corte transversal en el área de salud del Policlínico "27 de Noviembre" del municipio Marianao, La Habana, en el periodo correspondiente de enero a diciembre de 2009. Se incluyeron todos los pacientes que acudieron al servicio de urgencia y que presentaron lesiones periapicales agudas. Se recogió información de las variables edad, sexo, grupo dentario, causa de la enfermedad, características clínicas e higiene bucal. Esta última se clasificó en las categorías eficiente y deficiente según el índice simplificado de higiene bucal. Se utilizó el X² para estimar la relación entre las variables, y la comparación de proporciones para contrastar la hipótesis de que existieran diferencias entre las lesiones periapicales para las categorías de las variables grupo dentario, causa de la enfermedad y características clínicas. Se encontró un predominio del absceso periapical agudo en un 84,7 % del grupo de edad de 35 a 59 años y del sexo masculino, aunque no se encontraron diferencias significativas para estas variables, ni en los grupos dentarios con respecto a la enfermedad. La higiene bucal resultó estar relacionada con las lesiones periapicales. Se encontraron diferencias significativas en las lesiones periapicales respecto a todas las causas estudiadas, con excepción de las enfermedades periodontales. Respecto a las características clínicas hubo significación en cuanto al aumento de volumen del fondo del surco vestibular y la movilidad dentaria.

  15. SEM in applied marketing research

    DEFF Research Database (Denmark)

    Sørensen, Bjarne Taulo; Tudoran, Ana Alina

    In this paper we discuss two SEM approaches: an exploratory structural equation modelling based on a more liberalised and inductive philosophy versus the classical SEM based on the traditional hypothetical-deductive approach. We apply these two modelling techniques to data from a consumer survey ...

  16. Osteopontin expression and its possible functions in the aortic disorders and coronary artery disease A expressão da osteopontina e as suas funções possíveis nas desordens aórticas e doença arterial coronariana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Shi-Min Yuan

    2011-06-01

    level of the patients with coronary artery disease was much lower than those with aortic dissection (P = 0.033 or with aortic aneurysm (P = 0.019. By unparametric tests, there were significant differences in the aortic OPN contents among aortic dissection, aortic aneurysm and coronary artery disease groups (P OBJETIVOS: A osteopontina (OPN está estreitamente associada com os processos de oncogênese e remodelação. Entretanto, essa citocina era raramente avaliada na presença de aortopatias, especialmente na dissecção aórtica aguda. O objetivo do presente estudo foi avaliar a expressão de OPN por meio de abordagens moleculares biológicas, de modo a oferecer uma melhor compreensão dos possíveis mecanismos das aortopatias. MÉTODOS: Pacientes consecutivos com um tipo de dissecção aguda da aorta (20 pacientes, aneurisma da aorta (nove pacientes ou doença arterial coronária (21 pacientes foram incluídos neste estudo. As amostras de sangue depois da heparinização sistemática e de 21 voluntários jovens e saudáveis não apontaram nenhuma evidência de qualquer problema ao serem investigados por ensaio imunoenzimático (ELISA. Os espécimes cirúrgicos dos tecidos aórtica coletados dos pacientes durante as operações foram obtidos para a reação de transcrição reversa quantitativa em tempo real em cadeia da polimerase (RT-PCR para OPN mRNA, técnica de Western blot para a proteína OPN, e imunohistoquímica de OPN. Amostras da aorta de indivíduos saudáveis que morreram de acidente foram obtidos para controle imunohistoquímico. RESULTADOS: Com uso do RT-PCR quantitativo, as expressões de OPN mRNA foram suprarreguladas em todos os três grupos cirúrgicos. Os resultados quantitativos não revelaram quaisquer diferenças intergrupais. Western blot revelou que OPN foi positiva com intensidade semelhante de expressões em todos os três grupos. As análises quantitativas Western blot de expressões OPN não apresentaram significâncias entre os grupos. As

  17. Pancreatite aguda em pediatria: revisão sistemática da literatura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eduardo Mekitarian Filho

    2012-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever os principais aspectos epidemiológicos, clínicos, diagnósticos e do tratamento de crianças com pancreatite aguda. FONTES DOS DADOS: Realizada revisão sistemática das bases de dados MEDLINE e SciELO nos últimos 5 anos sobre pancreatite aguda em crianças, bem como consultadas referências relevantes dos textos obtidos. SÍNTESE DOS DADOS: Os casos de pancreatite aguda em crianças recebem crescente atenção nos últimos anos, sendo verificado um aumento na incidência da doença em diversos estudos. As principais etiologias em crianças envolvem doença biliar, pancreatite secundária a medicamentos, pancreatite hereditária recorrente e trauma, sendo até 30% dos casos sem etiologia definida. O diagnóstico baseia-se na combinação de aspectos clínicos, laboratoriais com elevação das enzimas acinares e testes radiológicos. Tratamento de suporte inicial, com reposição volêmica adequada e correção dos distúrbios metabólicos, além de terapêutica nutricional específica, são os pontos fundamentais no manejo dos quadros agudos. Complicações a longo prazo são incomuns, e as taxas de mortalidade, inferiores às da população adulta. CONCLUSÃO: O diagnóstico precoce e o manejo apropriado podem contribuir para a melhor evolução da criança com pancreatite e prevenir as complicações imediatas e tardias relacionadas à doença. Mais estudos são necessários para melhor elucidar aspectos relacionados ao diagnóstico clínico e radiológico da pancreatite em crianças, bem como aspectos da terapêutica nutricional nessa faixa etária.

  18. Troponina T positiva em paciente chagásico com taquicardia ventricular sustentada e cinecoronariografia sem lesões obstrutivas Positive troponin T in a chagasic patient with sustained ventricular tachycardia and no obstructive lesions on cine coronary angiography

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maurício de Nassau Machado

    2005-02-01

    Full Text Available A avaliação e estratificação de pacientes com dor torácica na sala de emergência pode nos direcionar a terapêutica adequada a cada paciente baseada na probabilidade da presença de doença coronariana aguda e no risco de eventos cardíacos maiores desta coronariopatia. Esta avaliação é baseada no tripé: quadro clínico, achados eletrocardiográficos e nos marcadores de lesão miocárdica. Relatamos o caso de um paciente chagásico de 58 anos de idade admitido na unidade de emergência por dor torácica e palpitações, com eletrocardiograma mostrando uma taquicardia ventricular sustentada e com dosagem de troponina positiva (0,99 ng/ml, submetido a cinecoronariografia, que não evidenciou doença coronariana obstrutiva.The assessment and stratification of patients with chest pain in the emergency unit may indicate the appropriate therapy for each patient based on the probability of the presence of acute coronary artery disease and on the risk of its major cardiac events. That assessment is based on the triplet: clinical setting, electrocardiographic findings, and markers of myocardial lesion. We report the case of a 58-year-old male chagasic patient admitted to the emergency unit due to chest pain and palpitations, with an electrocardiogram showing sustained ventricular tachycardia and positive troponin measurement (0.99 ng/mL. The patient underwent cine coronary angiography, which evidenced no obstructive coronary artery disease.

  19. Infección aguda por el VHC

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A. Martínez Echeverría

    Full Text Available La infección aguda por el virus C de la hepatitis produce un cuadro clínico y bioquímico no específico e indistinguible de los causados por otros virus hepatotropos. El diagnóstico específico de la hepatitis aguda por virus C se basa en la detección en sangre del RNA-VHC mediante una técnica de reacción en cadena de la polimerasa cuyo resultado será positivo a partir de 1-2 semanas tras el contacto inicial con el virus. Los anticuerpos frente al VHC se detectan más tardíamente (a las 7-8 semanas por término medio no siendo útiles, como determinación aislada, para distinguir infección aguda de infección crónica o aclaramiento del virus (espontáneo o tras tratamiento. El 55-85% de los pacientes con infección aguda por el VHC no aclaran el virus y desarrollan una infección crónica con riesgo de evolución a cirrosis y de desarrollo de hepatocarcinoma. Por ello, la tendencia actual es tratar con interferón a todos aquellos pacientes en los que el RNA-VHC se mantenga positivo más allá de 3-4 meses tras el diagnóstico de la infección aguda.

  20. Associação de diferentes medidas e índices antropométricos com a carga aterosclerótica coronariana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patricia Chagas

    2011-11-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A associação entre parâmetros antropométricos e carga aterosclerótica ainda não está bem estabelecida e poucos estudos na literatura abordam esse tema. OBJETIVO: Avaliar a associação de diferentes parâmetros antropométricos com a carga aterosclerótica coronariana. MÉTODOS: Participaram do estudo pacientes adultos submetidos à cineangiocoronariografia. Dados sociodemográficos e fatores de risco cardiovasculares foram coletados em um questionário padronizado. Foram medidos peso, altura, circunferência da cintura (CC, circunferência abdominal (CABD, circunferência do quadril (CQ e circunferência do pescoço (CP, com o cálculo do índice de massa corporal (IMC e das relações cintura-quadril (RCQ, circunferência abdominal-quadril (RCABDQ e cintura-altura (RCALT. A carga aterosclerótica coronariana na cineangiocoronariografia foi medida pelo Escore de Friesinger (EF. Aterosclerose significativa foi considerada quando o EF > 5. RESULTADOS: A amostra foi constituída por 337 pacientes, dos quais 213 eram homens (63,2%. A idade média foi de 60,1 ± 10 anos. Somente a RCQ (r = 0,159 e p = 0,003 apresentou correlação linear significativa com a carga aterosclerótica coronariana medida pelo EF. Quando separamos a amostra por gênero, nas mulheres encontramos correlação significativa da RCABDQ (r = 0,238 e p = 0,008 e da RCQ (r = 0,198 e p = 0,028 com o EF. Não se encontrou nos homens correlação entre parâmetros antropométricos e EF. Após os ajustes para as variáveis sexo, idade, HAS, tabagismo e DM, nenhum parâmetro antropométrico foi associado com a carga aterosclerótica coronariana medida pelo EF na amostra total ou separada por gênero. CONCLUSÃO: Nenhum parâmetro antropométrico foi fator de risco independente para a carga aterosclerótica coronariana.

  1. Exeqüibilidade, segurança e acurácia do ecocardiograma sob estresse com dobutamina/ atropina para detecção de doença arterial coronariana em candidatos a transplante renal Feasibility, safety and accuracy of dobutamine/atropine stress echocardiography for the detection of coronary artery disease in renal transplant candidates

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro Antonio Muniz Ferreira

    2007-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a exeqüibilidade, a segurança e a acurácia diagnóstica do ecocardiograma sob estresse (EEDA com dobutamina/atropina em candidatos a transplante renal. MÉTODOS: Pacientes candidatos a transplante renal com e sem nefropatia diabética realizaram EEDA e cineangiocoronariografia. Consideraram-se dois pontos de corte para doença arterial coronariana (DAC: > 50% e > 70% de obstrução de uma artéria epicárdica. RESULTADOS: Cento e quarenta e oito pacientes realizaram o EEDA e a angiografia coronariana. A média de idade foi de 52±9 anos, 69% eram do sexo masculino, 27% tinham nefropatia diabética, e 73%, HVE; 63% estavam assintomáticos, 36% e 22% apresentaram obstruções coronarianas > 50% e > 70%, respectivamente. A exeqüibilidade foi de 91% e houve 2,7% de complicações maiores. Obtiveram-se as seguintes médias de sensibilidade, especificidade e acurácia, considerando obstrução coronariana > 50%: 53% (IC:45-61, 87% (IC:81-93, e 75% (IC:63-83, respectivamente. Para obstrução >70%, 71% (IC:64-92, 85% (IC:79-91 e 81% (IC:75-87. A sensibilidade para diagnosticar doença uniarterial foi 41% (IC:19-63 e doença multiarterial, 78% (IC:64-92. CONCLUSÃO: O EEDA foi exeqüível e seguro; entretanto, foi ineficiente para rastreamento de DAC, considerando obstruções > 50%, mas pode ser útil para detecção de DAC em pacientes com obstruções > 70% e doença multiarterial.OBJECTIVE: To evaluate the feasibility, safety and accuracy of dobutamine/atropine stress echocardiography (DASE for the detection of coronary artery desease (CAD in renal transplant candidates. METHODS: Patients candidates to renal transplant were submitted consecutively to DASE and coronary angiography. The adopted angiographic criteria for CAD were an obstructive lesion of > 50% and > 70%. RESULTS: 148 patients underwent the DASE and the coronary angiography. Mean age was 52 ± 9 years, 69% of the patients were males; 27% had diabetic nephropathy

  2. Invasive Aspergillus flavus sinusitis: case report in a patient with biphenotypic acute leukemia Sinusite invasiva por Aspergillus flavus: relato de um caso associado a leucemia aguda bifenotípica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Melissa Orzechowski Xavier

    2009-02-01

    Full Text Available Here we report a case of invasive pansinusitis with proptosis of the right eye caused by Aspergillus flavus in an immunocompromised patient with acute biphenotypic leukemia without aggressive therapy response.Descreve-se um caso de pansinusite invasiva com proptose do globo ocular direito causado por Aspergillus flavus em um paciente imunossuprimido com leucemia aguda bifenotípica sem resposta a terapia agressiva.

  3. Lesão renal aguda como complicação da ingestão excessiva de suco do fruto biri biri (Averrhoa bilimbi

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raphael Pereira Paschoalin

    2014-12-01

    Full Text Available O fruto biri-biri pertence à família das Oxalidacae, espécie Averrhoa bilimbi. Este fruto tem um alto conteúdo de oxalato solúvel e é utilizado na culinária, na produção de picles, geleias, e como tratamento para algumas doenças como hipertensão, diabetes e hiperlipidemia. Assim como outros frutos ricos em oxalato, pode provocar lesão renal aguda. Relatamos o caso de um paciente de 50 anos, hipertenso, com função renal normal, que ingeriu uma grande quantidade de suco em jejum para tratamento de hipertensão. O paciente desenvolveu quadro de lesão renal aguda associado a dores lombares, soluços e diarreia. A lesão renal aguda era não oligúrica e teve uma evolução favorável em 10 dias sem necessidade de tratamento dialítico. A função renal retornou ao normal após esses 10 dias de seguimento.

  4. Secondary emission monitor (SEM) grids.

    CERN Multimedia

    Patrice Loïez

    2002-01-01

    A great variety of Secondary Emission Monitors (SEM) are used all over the PS Complex. At other accelerators they are also called wire-grids, harps, etc. They are used to measure beam density profiles (from which beam size and emittance can be derived) in single-pass locations (not on circulating beams). Top left: two individual wire-planes. Top right: a combination of a horizontal and a vertical wire plane. Bottom left: a ribbon grid in its frame, with connecting wires. Bottom right: a SEM-grid with its insertion/retraction mechanism.

  5. Aspectos clínico-diagnósticos relativos à fase aguda da doença de Chagas, em pacientes submetidos a transplante de rim e imunodeprimidos

    OpenAIRE

    Pedro Renato Chocair; Vicente Amato Neto; Emil Sabbaga; Pedro Henrique Torrecillas

    1985-01-01

    Em sete pacientes submetidos a transplante de rim e imonodeprimidos reconheceram os Autores a ocorrência de doença de Chagas, em fase aguda. Tais eventos permitiram verificações sem dúvida expressivas e, entre elas, afigurou-se conveniente salientar as seguintes: presença de febre como manifestação proeminente; valor elucidativo da pesquisa do Trypanosoma cruzi no "creme" leucocitário em etapa de realização de diagnóstico diferencial, quando escassos os elementos orientadores; utilidade da ev...

  6. Diabetes Mellitus en el servicio de urgencias: manejo de las complicaciones agudas en adultos

    National Research Council Canada - National Science Library

    Hernandez-Ruiz, Eder A; Castrillon-Estrada, Jaime A; Acosta-Velez, Juan G; Castrillon-Estrada, David F

    2008-01-01

    .... Diferentes estudios han documentado que la falta de adherencia al tratamiento, constituye uno de los principales factores desencadenantes para las descompensaciones agudas en el paciente diabetico...

  7. SEM: A Cultural Change Agent

    Science.gov (United States)

    Barnes, Bradley; Bourke, Brian

    2015-01-01

    The authors advance the concept that institutional culture is a purposeful framework by which to view SEM's utility, particularly as a cultural change agent. Through the connection of seemingly independent functions of performance and behavior, implications emerge that deepen the understanding of the influence of culture on performance outcomes…

  8. Toxicología aguda del D-004 en conejos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ariadne Gutiérrez Martínez

    2007-01-01

    entre los grupos tratados y el control en ninguno de los sexos. El D-004 presentó una toxicidad intrínseca baja, al mostrar una DL50 superior a los 2 000 mg/kg de peso corporal, dosis con la que no se evidenciaron signos indicativos de toxicidad en ninguno de los sexos, por lo que su toxicidad se puede declarar como no clasificable según el método de las clases de toxicidad aguda.

  9. Miopia aguda induzida por topiramato: relato de dois casos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kathy Dadam Sgrott

    2011-06-01

    Full Text Available RESUMO A miopia aguda pode ser desencadeada pelo uso de medicações sistêmicas, dentre elas, o anticonvulsivante topiramato. Este trabalho descreve dois casos de pacientes jovens com quadro agudo bilateral de miopia induzida por terapia com topiramato para controle de síndrome depressiva, fazendo relação com casos semelhantes descritos na literatura e revisão bibliográfica pertinente.

  10. ANEMIA AGUDA DE NOVO: O MESMO SINAL, DIFERENTES ETIOLOGIAS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Inês Falcão

    2015-12-01

    Conclusão: Na investigação etiológica de uma anemia aguda grave é fundamental a sua caracterização correta com base em todos os parâmetros hematológicos disponíveis. O diagnóstico assertivo é fundamental, atendendo às diferentes implicações no que diz respeito à abordagem, orientação e prognóstico.

  11. Insuficiência renal aguda associada à leptospirose

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elizabeth De Francesco Daher

    2010-12-01

    Full Text Available A leptospirose é a zoonose mais importante do mundo. Os pacientes são tipicamente homens jovens. Vários fatores estão envolvidos na insuficiência renal aguda (IRA na leptospirose, incluindo ação nefrotóxica direta da leptospira, hiperbilirrubinemia, rabdomiólise e hipovolemia. Os principais achados histológicos são nefrite intersticial aguda e necrose tubular aguda. A IRA na leptospirose é geralmente não oligúrica e hipocalêmica. Alterações da função tubular precedem a queda na taxa de filtração glomerular, o que poderia explicar a alta frequência de hipocalemia. O tratamento antibiótico é eficaz nas fases precoces e tardias e/ou graves. Para pacientes críticos com IRA na leptospirose, as seguintes condutas são recomendadas: hemodiálise precoce e diária; baixa infusão de volume (devido ao risco de hemorragia pulmonar, e estratégias de proteção pulmonar. A mortalidade na IRA associada à leptospirose está em torno de 22%.

  12. Serie de 8 casos de parotiditis supurada aguda neonatal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manuel Díaz Álvarez

    Full Text Available La parotiditis supurada aguda es una infección poco frecuente en la práctica del pediatra y neonatólogo. El objetivo es mostrar nuestra experiencia en la atención de serie de casos con parotiditis supurada aguda en el período neonatal, y describir sus características de presentación. Se presentan los hallazgos clínicos en 8 pacientes con parotiditis supurativa neonatal, quienes estuvieron ingresados en el Servicio de Neonatología del Hospital Pediátrico Universitario "Juan Manuel Márquez", durante el período de 22 años (desde el año 1992 hasta el año 2013, y se contrasta con los reportes publicados en la literatura internacional. Las características de presentación de la parotiditis aguda supurada de nuestros casos concuerdan con la literatura revisada en muchos aspectos, y se demuestra que es, además, una infección poco frecuente en el período neonatal. Es la primera publicación sobre esta entidad en neonatos en Cuba, y la mayor serie de casos en el ámbito latinoamericano.

  13. Obesidade e intervenção coronariana: devemos continuar valorizando o Índice de Massa Corpórea? Obesity and coronary intervention: should we continue to use Body Mass Index as a risk factor?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Carlos Estival Tarastchuk

    2008-05-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Para discriminar risco coronariano elevado, indicadores de obesidade central são melhores do que o Índice de Massa Corpórea (IMC, que é ainda o índice antropométrico (IA mais utilizado para seguimento após intervenção coronariana percutânea (ICP. OBJETIVO: Reconhecer, entre os índices antropométricos (IA, os que melhor se correlacionam com ocorrência de desfechos após intervenção coronariana percutânea (ICP. MÉTODOS: Foram considerados 308 pacientes (p, idade média de 61,92±11,06 anos, 60,7% do sexo masculino, submetidos a ICP com stent. Após seis meses, pesquisaram-se os desfechos: óbito, reintervenção por ICP ou cirurgia cardíaca, exame não-invasivo alterado por isquemia ou sintomas anginosos. Os p foram divididos em: Grupo 1 (com desfechos, n=91; 29,5% e Grupo 2 (sem desfechos, n=217; 70,45%. No sexo masculino e feminino, os IA estudados e seus respectivos pontos de corte foram: circunferência abdominal (CA > 90/80 cm, relação cintura-quadril (RCQ > 0,90/0,80cm, índice de conicidade (IC >1,25/1,18 e índice de massa corpórea (IMC >30 para ambos os sexos. RESULTADOS: Os grupos diferiram quanto à maior ocorrência de histórico familiar e infarto prévio no Grupo 2. No sexo masculino, CA > 90 cm (p=0,0498 foi, em análise multivariada, preditor independente de desfechos. IMC não foi preditor de eventos. No Grupo 1, a probabilidade de ocorrência de IMC alterada é significativamente menor do que a ocorrência dos outros IA estudados (pBACKGROUND: Central anthropometric indexes are better than the body mass index to discriminate elevated coronary risk. However, the Body Mass Index (BMI is still the most frequently studied anthropometric index on outcomes of patients undergoing percutaneous coronary angioplasty (PCI. OBJECTIVE: To recognize, among several anthropometric indexes of obesity, which one best discriminates MACE (Major Adverse Cardiac Events after PCI. METHODS: Subjects were 308 patients

  14. Relação entre cintilografia miocárdica e angiotomografia na avaliação da doença coronariana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jader Cunha de Azevedo

    2013-03-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A angiotomografia coronariana por múltiplos detectores (Angio TC tem demonstrado boa acurácia para detecção de estenose coronariana. Embora essa técnica seja promissora para avaliação da DAC, sua correlação com a manifestação funcional da doença ainda não está bem estabelecida. OBJETIVO: Avaliar se a presença de DAC e o grau de obstrução coronariana avaliados pela Angio TC se associam com alterações no exame de Cintilografia de Perfusão Miocárdica (CPM. MÉTODOS: Estudo observacional, retrospectivo, que incluiu consecutivamente 99 pacientes com DAC conhecida ou suspeita. Realizaram-se exames de CPM e Angio TC. Comparamos a presença de defeitos de perfusão pela CPM com a presença de DAC e grau de obstrução luminal pela Angio TC. Utilizou-se para a análise estatística o teste t de Student, ANOVA, o teste qui-quadrado (ou teste de Fisher para n < 5. Foi realizada análise multivariada por regressão logística e o critério de significância foi o nível de 5%. RESULTADOS: A média de idade foi 62 ± 11,4 anos, sendo 46 (71,7% homens. A análise das variáveis foi realizada por paciente (n = 99 e por território de irrigação coronariana (n = 297. Dos 67 territórios que apresentaram DAC significativa pela Angio TC, 44,8% apresentaram CPM alterada. Considerando-se o grau de estenose, CPM alterada esteve presente em 18,7% dos territórios com estenose não significativa, 45,28% dos territórios com estenose moderada e 42,8% dos territórios com lesões graves. CONCLUSÕES: A Angio TC é um bom método para exclusão da DAC. No entanto, sua utilização para avaliação da gravidade da estenose e sua repercussão funcional não demonstrou boa correlação.

  15. Low coronary perfusion pressure is associated with endocardial fibrosis in a rat model of volume overload cardiac hypertrophy A redução da pressão de perfusão coronariana está associada com a fibrose endocárdica no modelo de hipertrofia por sobrecarga de volume em ratos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Carolina Guido

    2004-01-01

    árdio. Na fístula aorto-cava, tal como no infarto, é possível que a queda da pressão de perfusão coronariana interfira com a fibrose cardíaca. OBJETIVO: Investigar o papel das mudanças hemodinâmicas agudas sobre a fibrose cardíaca na fístula aorto-cava. MÉTODO: Ratos Wistar submetidos a fístula aorto-cava, seguidos por 4 e 8 semanas, constituíram 4 grupos, fístula aorto-cava 4 e fístula aorto-cava 8 (10 ratos cada e seus respectivos controles (sham-operated controls - Sh, Sh4 e Sh8 (8 ratos cada. A hemodinâmica foi realizada 1 semana após a cirurgia. A hipertrofia e a fibrose foram quantificadas ao final do seguimento pelo diâmetro dos miócitos e pela fração de volume do colágeno. RESULTADOS: Comparados com Sh4 e Sh8, a pressão de pulso, a pressão diastólica final do ventrículo esquerdo e a +dP/dt foram maiores em fístula aorto-cava 4 e fístula aorto-cava 8, enquanto a -dP/dt foi similar. A pressão estimada da perfusão coronariana (mmHg foi menor em fístula aorto-cava 8 (52,6±4,1 do que em Sh8 (100,8±1,3, mas comparável entre fístula aorto-cava 4 (50,0±8,9 e Sh4 (84,8±2,3. O diâmetro dos miócitos foi maior em fístula aorto-cava 8 e a fibrose intersticial e subendocárdica maior em fístula aorto-cava 4 e fístula aorto-cava 8. Houve correlação inversa e independente da pressão de perfusão coronariana com a fibrose subendocárdica (r²=0,86; p<0,0001 e das pressões sistólica (r²=0,73; p=0,0035 e diastólica final do ventrículo esquerdo (r²=0,55; p=0.0124 com a fibrose intersticial. CONCLUSÃO: A queda precoce da pressão de perfusão coronariana e o aumento das pressões ventriculares após a fístula aorto-cava associam-se com fibrose miocárdica subseqüente.

  16. International Conference on SEMS 2012

    CERN Document Server

    Liu, Chuang; Scientific explanation and methodology of science; SEMS 2012

    2014-01-01

    This volume contains the contributed papers of invitees to SEMS 2012 who have also given talks at the conference. The invitees are experts in philosophy of science and technology from Asia (besides China), Australia, Europe, Latin America, North America, as well as from within China. The papers in this volume represent the latest work of each researcher in his or her expertise; and as a result, they give a good representation of the cutting-edge researches in diverse areas in different parts of the world.

  17. Plasmaférese como modalidade terapêutica na pancreatite aguda por hipertrigliceridemia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Felipe Soares Castelliano Lucena de Castro

    2012-09-01

    Full Text Available Pancreatite aguda é uma condição inflamatória manifestada clinicamente por dor abdominal e níveis séricos elevados das enzimas pancreáticas. A hipertrigliceridemia é sua terceira causa mais comum. O presente relato teve por objetivo descrever um caso de pancreatite aguda por hipertrigliceridemia, cuja modalidade terapêutica utilizada foi a plasmaférese. Paciente, gênero feminino, 48 anos, apresentou-se ao hospital com queixa de "dor muito forte na barriga". Relatou início do quadro com náuseas, vômitos e dor abdominal do tipo queimação, iniciada em região epigástrica. Negou febre. Ao exame: obesa, orientada, taquipneica, normotensa, taquicárdica, normocorada, desidratada, afebril, anictérica, acianótica; abdome: distendido, ruídos hidroaéreos presentes, timpânico, doloroso difusamente, porém, principalmente em andar supramesocólico. Aos exames de admissão: triglicerídeo 10.932 mg/dL, colesterol 1.548 mg/dL, amilase 226 mg/dL, lípase 899 mg/dL. A tomografia computadorizada de abdome evidenciou pâncreas aumentado de volume (Balthazar E. Evoluiu com piora do estado geral, sendo encaminhada para o centro de terapia intensiva. Foi realizada plasmaférese sem intercorrências. No 14º dia, teve alta do centro de terapia intensiva indo para enfermaria de gastrenterologia, onde foi reiniciada dieta oral, com boa aceitação. Evoluiu bem, com alta hospitalar no 25º de internação. São necessários níveis elevados de triglicerídeos para causar pancreatite, sendo importante excluir causas mais comuns. A abordagem terapêutica utilizada foi importante para reduzir, rapidamente, a hipertrigliceridemia elevada, evitando, assim, danos tissulares maiores.

  18. Classificação de gravidade na pancreatite aguda

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tercio De Campos

    Full Text Available De acordo com a Classificação de Atlanta a pancreatite aguda pode ser dividida, baseado em sua severidade, em uma forma leve ou grave. Uma série de aspectos têm sido discutidos nos últimos anos, tais como, quantas categorias de gravidade devem ser consideradas; se o doente com falência orgânica é igual ao doente com necrose infectada; qual o papel da falência orgânica transitória; e como avaliar a falência orgânica. A reunião de revista"Telemedicina Baseada em Evidência - Cirurgia do Trauma e Emergência" (TBE-CiTE realizou uma avaliação crítica de artigos relacionados a este tema, considerando três artigos recentes que delinearam duas grandes revisões publicadas nos últimos meses. Estes artigos sugerem a classificação de gravidade em três ou quatro categorias, ao invés de pancreatite aguda leve ou grave, além de discutir qual o melhor escore para avaliar a falência orgânica. As seguintes recomendações foram propostas: (1 A pancreatite aguda deve ser classificada em quatro categorias: leve, moderada, grave e crítica, o que permite uma melhor determinação das características dos doentes; (2 Avaliação de falência orgânica com um escore de gravidade, preferencialmente algum que avalie diretamente cada falência orgânica, tais como o SOFA e o MODS (Marshall. O SOFA parece ter maior acurácia, mas o MODS tem melhor aplicabilidade devido à facilidade de uso.

  19. Aspectos relevantes da doença arterial coronariana em candidatos à cirurgia não cardíaca

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gilson Cassem Ramos

    2010-12-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Devido à sua prevalência, a doença arterial coronariana (DAC constitui a principal causa de morbimortalidade em cirurgias eletivas, o que justifica a presente revisão, cujo objetivo foi principalmente estabelecer condutas pré-operatórias baseadas em normas e diretrizes para minimizar a morbimortalidade peri e pós-operatória dos portadores de DAC. CONTEÚDO: São apresentadas características gerais da DAC, assim como seus mecanismos fisiopatogênicos, as principais variáveis relacionadas ao preparo pré-operatório de pacientes com DAC, bem como condutas frente aos enfermos de maior risco cirúrgico. CONCLUSÕES: Portadores de DAC candidatos à cirurgia não cardíaca devem ser rigorosamente avaliados. Os identificados como de alto risco podem beneficiar-se com testes pré-operatórios provocativos de isquemia miocárdica, assim como de intervenções coronarianas invasivas, precedendo operações cirúrgicas eletivas. Em pacientes selecionados, deve-se considerar o uso de betabloqueador e de estatinas .

  20. Enfoque clínico de la pancreatitis aguda

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dra. Jeanneth Torrez Salazar

    2010-06-01

    Full Text Available La Pancreatitis Aguda(PA es un proceso inflamatorio agudo del páncreas, que puede afectar también tejidos peripancreáticos y órganos o sistemas distantes. Las principales causas son la Litiasis Biliar y el uso excesivo de alcohol que constituyen aproximadamente un 75%. Un 20% de los pacientes con PA tienen un curso severo de la enfermedad, de los cuales 10-30% mueren y a pesar de los avances tecnológicos en la UCI, la mortalidad no ha variado significativamente.

  1. O sofrimento espiritual do doente adulto com leucemia aguda internado

    OpenAIRE

    2010-01-01

    Tese de mestrado, Ciências da Dor, Faculdade de Medicina, Universidade de Lisboa, 2011 O presente estudo teve como objectivo saber quais os factores que influenciam o sofrimento espiritual no doente adulto (faixa etária dos 30 aos 65 anos) com leucemia aguda internado. A amostra foi de 30 doentes, 14 homens e 16 mulheres e o estudo teve a duração de 6 meses, decorrendo no Serviço de Hematologia do CHLC-EPE (Hospital de Santo António dos Capuchos). O instrumento de colheita de dados apli...

  2. Recomendaciones para el manejo de la faringoamigdalitis aguda del adulto

    OpenAIRE

    Cots, Josep M; Juan-Ignacio Alós; Mario Bárcena; Xavier Boleda; José L. Cañada; Niceto Gómez; Ana Mendoza; Isabel Vilaseca; Carles Llor

    2015-01-01

    La faringoamigdalitis aguda (FAA) en el adulto es una de las enfermedades infecciosas más comunes en la consulta del médico de familia. La etiología más frecuente es viral. Dentro de la etiología bacteriana, el principal agente responsable es Streptococcus pyogenes o estreptococo β-hemolítico del grupo A (EBHGA), causante del 5-30% de los casos. En el manejo diagnóstico, las escalas de valoración clínica para predecir la posible etiología bacteriana, son una buena ayuda para seleccionar a qué...

  3. Diagnóstico y manejo de la bronquiolitis aguda

    OpenAIRE

    Maamar el Asri, Meryam

    2016-01-01

    La bronquiolitis aguda es una enfermedad pediátrica muy frecuente en todo el mundo y una importante causa del ingreso hospitalario en niños menores de un año, sobre todo en los meses de invierno. Tiene una correlación directa con el virus respiratorio sincitial, siendo el principal agente causal de esta patología. Sin embargo, el desarrollo y aplilación de las técnicas de amplificación genética ha permitido conocer la existencia de otros virus implicados,y, con ello, aportar un mayor conocimi...

  4. Toxicología aguda del D-004 en conejos

    OpenAIRE

    Ariadne Gutiérrez Martínez; Rafael Gámez Menéndez; Rosa Más Ferreiro; Miriam Noa Puig; Balia Pardo Acosta; Eddy Goicochea Carrero; Dayisell Curveco Sánchez; Haydée García Cambián

    2007-01-01

    El D-004 es un extracto lipídico obtenido del fruto de la palma real (Roystonea regia) (Arecaceae) que consiste en una mezcla reproducible de ácidos grasos, en la cual el ácido oleico, el láurico y el palmítico son los más abundantes. El tratamiento oral con D-004 inhibe significativamente la hiperplasia prostática inducida por testosterona en roedores. La toxicología preclínica de un nuevo compuesto incluye la evaluación aguda en una especie no roedora. Con este objetivo se realizó el ensayo...

  5. Tratamiento médico de la pancreatitis aguda

    OpenAIRE

    Huerta-Mercado, Jorge

    2013-01-01

    Se revisan los últimos avances en el manejo médico de la pancreatitis aguda. Estos se basan en los cambios que van desde el mayor conocimiento de la fisiopatología y la clínica y el desarrollo de técnicas para el manejo de las complicaciones. El reconocimiento del mal pronóstico dado por la falla persistente de órganos (mayor a 48 horas) y la evolución lenta pero sin severidad de los pacientes con complicaciones locales, ha hecho redefinir la clasificación de la pancreatitis, estratificándose...

  6. Factores de riesgo de mortalidad en la mediastinitis aguda

    OpenAIRE

    2009-01-01

    Consultable des del TDX Títol obtingut de la portada digitalitzada La mediastinitis aguda se define como la infección del tejido conectivo laxo que envuelve las estructuras mediastínicas. Sus causas son la infección postesternotomía, la perforación esofágica, la mediastinitis necrosante descendente (MND), y la lesión traqueobronquial. Es una enfermedad grave, poco frecuente y sobre la cual no existe consenso en las pautas diagnósticas y terapéuticas a seguir. Al revisar la literatura se...

  7. Pancreatitis Aguda como consecuencia del uso de Orlistat

    OpenAIRE

    2011-01-01

    La pancreatitis aguda es un proceso inflamatorio del páncreas desencadenada por la auto digestión ante la activaciónde sus pro fermentos, tiene un manejo urgente ya que pone en peligro la vida del paciente. El recienteingreso de Orlistat, un fármaco inhibidor de la lipasa gástrica y pancreática para tratar la obesidad, a través de suventa creciente sin receta se ha estado traduciendo en una mayor frecuencia de eventos adversos sobre todogastrointestinales (diarrea grasa, esteatorrea, incontin...

  8. Comportamiento de la enfermedad diarreica aguda en Guatemala

    OpenAIRE

    Mario Enrique Plá Acevedo; Eddy Mario Collejo Acevedo; Odalis Elena Acevedo Tristá; Learelis Fernández Cruz; Yanet Marbelis Plá Acevedo

    2015-01-01

    Se realizó un estudio descriptivo de corte transversal, con el objetivo de conocer el comportamiento de la Enfermedad Diarreica Aguda (EDA) en Tierra Blanca, Departamento Petén, Guatemala; en el período comprendido de enero a diciembre del año 2011. El universo de estudio lo formaron todos los individuos que fueron evaluados en el puesto de salud de Tierra Blanca con diagnóstico clínico de EDA. La muestra estuvo constituida por 529 pacientes. Se trabajó con el Sistema de Información Gerencial...

  9. Parotiditis aguda en recién nacido

    OpenAIRE

    Cabezón A,Rodrigo; Kreft V,Javiera; Ramírez R,Constanza; Witker J,Daniela

    2010-01-01

    La parotiditis aguda supurativa es una enfermedad extremadamente infrecuente en el recién nacido, sin casos publicados hasta ahora en la literatura nacional y con pocos casos descritos en la literatura médica mundial. La infección ocurre habitualmente por vía ascendente desde la cavidad oral al conducto de Stenon, o asociado a sialectasia, aunque también se ha descrito a la deshidratación y la septicemia con extensión hacia la glándula parótida como probables mecanismos patogénicos. Se presen...

  10. Insuficiencia renal aguda asociada a picadura de abeja africanizada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Verny Huertas-Franco

    2008-03-01

    Full Text Available Se presenta el caso de un adulto mayor diabético tipo 2, que sufrió un ataque masivo de abejas africanizadas, y llegó a la sala de emergencias tres horas después del inicio del ataque. El paciente presentó insuficiencia renal aguda por combinación de factores, y se recuperó con tratamiento de diálisis temprana. Se discuten los problemas que refieren estos pacientes, y cuál sería el manejo ideal de tales casos.

  11. Achados angiográficos das síndromes coronarianas agudas no perioperatório de operações não-cardíacas

    OpenAIRE

    Danielle Menosi Gualandro

    2011-01-01

    No Brasil são realizadas aproximadamente três milhões de cirurgias por ano. Apesar dos avanços nas técnicas cirúrgicas e anestésicas, a mortalidade e o custo relacionados a estes procedimentos estão aumentando, sendo fundamental o desenvolvimento de estratégias para redução da mortalidade. A ocorrência de um infarto agudo do miocárdio (IAM) perioperatório prolonga a estadia hospitalar e aumenta a mortalidade. A fisiopatologia do IAM perioperatório pode envolver a instabilização de placas de a...

  12. Terapia cognitivo-conductual en las psicosis agudas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    María Isabel Gutiérrez López

    2012-01-01

    Full Text Available El tratamiento de las psicosis agudas era, hasta hace unos años, algo relegado al tratamiento farmacológico (a excepción del psicoanálisis. En los últimos tiempos esa tendencia ha ido cambiando y diversos estudios han puesto de manifiesto la ventaja de las intervenciones cognitivo conductuales en las fases agudas de las psicosis. A esta tendencia se ha unido un nuevo y prometedor paradigma de intervención temprana en psicosis. En el presente estudio se muestra una revisión bibliográfica de las investigaciones más relevantes publicadas hasta la fecha en torno a esta temática. Se incluyeron aquellos trabajos con un diseño controlado y aleatorio, que garantizaban requisitos de fiabilidad y validez. Los estudios muestran resultados esperanzadores, en cuanto que avalan la eficacia de la TCC como medida de tratamiento. Sin embargo, todavía se hace necesario un mayor número de investigaciones que avalen estos datos.

  13. Oclusión arterial aguda asociada a hidatidosis diseminada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jose Somocurcio

    2014-06-01

    Full Text Available Hidatidosis o equinococosis son términos usados para denominar a la infestación zoonótica causada por los estadios adulto y larvario (metacéstode del céstode del género Equinococcus (familia tenidae. El término hidatidosis debe ser aplicado a la infestación por el metacéstode mientras que el de equinococosis a los estadios larvario y adulto. En el Perú existe una alta prevalencia de esta infección siendo el hígado y pulmón los órganos más afectados. Existen factores tanto del agente infeccioso como del hospedero que contribuyen a esta infección, donde el componente inmunológico del hospedero es un punto importante tanto en la infección como en la diseminación. En el presente artículo se reporta un caso de oclusión arterial aguda asociada a hidatidosis diseminada en un paciente de 54 años de edad, natural y procedente de Huancavelica, de inicio súbito con un cuadro de obstrucción arterial aguda; que no mejoró luego de la cirugía con fallecimiento a las 48 horas de la presentación

  14. Oclusión arterial aguda asociada a hidatidosis diseminada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jose Somocurcio

    Full Text Available Hidatidosis o equinococosis son términos usados para denominar a la infestación zoonótica causada por los estadios adulto y larvario (metacéstode del céstode del género Equinococcus (familia tenidae. El término hidatidosis debe ser aplicado a la infestación por el metacéstode mientras que el de equinococosis a los estadios larvario y adulto. En el Perú existe una alta prevalencia de esta infección siendo el hígado y pulmón los órganos más afectados. Existen factores tanto del agente infeccioso como del hospedero que contribuyen a esta infección, donde el componente inmunológico del hospedero es un punto importante tanto en la infección como en la diseminación. En el presente artículo se reporta un caso de oclusión arterial aguda asociada a hidatidosis diseminada en un paciente de 54 años de edad, natural y procedente de Huancavelica, de inicio súbito con un cuadro de obstrucción arterial aguda; que no mejoró luego de la cirugía con fallecimiento a las 48 horas de la presentación

  15. Carambola como causa de lesão renal aguda

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Karilla Lany Scaranello

    2014-04-01

    Full Text Available A carambola pertence à família das Oxalidáceas, espécie Averrhoa carambola. É rica em sais minerais, vitaminas A, C, complexo B e ácido oxálico. Estudos recentes demonstram que a toxicidade da fruta difere entre os indivíduos e pode ser explicada pelas respostas biológicas individuais como idade, quantidade da ingestão, neurotoxinas em cada tipo de fruta. Adicionalmente, a nefrotoxicidade causada pela fruta é dose dependente, podendo levar ao desenvolvimento de lesão renal aguda pela deposição de cristais de oxalato de cálcio intratubular, assim como por lesão direta das células epiteliais tubulares, levando à apoptose das mesmas. Relatamos o caso de uma paciente que, após a ingestão do suco da fruta e fruta in natura, desenvolveu lesão renal aguda, necessitando de terapia dialítica, evoluindo com desfecho favorável e recuperação da função renal.

  16. The Littoral Station of Aguda, in the North of Portugal

    Science.gov (United States)

    Weber, M.

    1995-03-01

    The public authorities have recently approved the building of a Littoral Station in Aguda, a small fishing village on the Atlantic coast, 15 km south of the River Douro estuary in the municipal area of Vila Nova de Gaia. The internal structure of the building involves a Fishery Museum exhibiting ancient and modern gear, a Public Aquarium displaying the local marine fauna and flora and a Research and Educational Department for marine biology, aquaculture and fishery. The project was drawn up by the architect João Paulo Peixoto, in collaboration with local engineers, and the author. In Aguda there is an active, small-scale fishery, based on traditional methods handed down from generation to generation. The almost unstudied local marine fauna and flora is characterized by a high diversity of invertebrates and a rich abundance of fish stocks. Easy access to a variety of marine biotopes is guaranteed by means of the local fishing-fleet, thus supporting the Station's programme of education and research.

  17. Escala de Alvarado como herramienta diagnóstica para apendicitis aguda

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Iván Pimienta Concepción

    2017-06-01

    Full Text Available Introducción: La apendicitis aguda es la enfermedad intrabdominal más frecuente tratada de urgencia. Resulta de interés la utilización de la Escala de Alvarado en el diagnóstico de esta patología por su contribución a la disminución de apendicectomías negativas. Objetivo: Determinar la validez de la Escala de Alvarado como herramienta diagnóstica para apendicitis aguda en pacientes atendidos en el Servicio de Cirugía General del Hospital IESS Ambato. Métodos: Se realizó una investigación observacional, descriptiva y transversal en pacientes hospitalizados con cuadro de dolor abdominal y sospecha de apendicitis aguda, valorados en el Servicio de Cirugía General en el Hospital General IESS Ambato en el período junio 2015 a noviembre del año 2015. Resultados: De acuerdo al resultado histopatológico predominó la apendicitis aguda supurada con (n=83, 54.9%; seguida de apendicitis aguda gangrenosa (n=35, 23.2%; apendicitis aguda precoz (n=15, 9.9%; mientras que el resultado normal y apendicitis aguda gangrenosa perforada se encontraron con los mismos valores (n=9, 5.9%. Conclusiones: Existió un puntaje elevado de la Escala de Alvarado para el diagnóstico de apendicitis aguda según la severidad de los hallazgos descritos en el resultado histopatológico posterior a la apendicectomía. El resultado histopatológico de mayor frecuencia fue la apendicitis aguda supurada, con un riesgo medio en la Escala de Alvarado, la cual es más sensible en periodos de gravedad.

  18. Consumo de álcool e risco para doença coronariana na região metropolitana de São Paulo: uma análise do Projeto GENACIS Alcohol consumption pattern and Coronary Heart Disease risk in Metropolitan São Paulo: analyses of GENACIS Project

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Cristina Pereira Lima

    2013-03-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Examinar a associação entre consumo de álcool e risco para doença coronariana em amostra populacional. MÉTODOS: Estudo transversal, de base populacional, conduzido de janeiro/2006 a junho/2007, na região metropolitana de São Paulo, como parte do estudo internacional (Gender, Alcohol, and Culture: an International Study. Os sujeitos (1.501, sendo 609 homens e 892 mulheres eram residentes da região metropolitana de São Paulo, tinham 30 anos ou mais de idade e foram selecionados aleatoriamente, a partir de amostragem complexa por conglomerados. Todos os indivíduos consentiram em participar da pesquisa. A variável dependente foi risco cardíaco avaliado através do WHO Rose Angina Questionnaire. A análise multivariada consistiu em regressão logística, tendo sido realizado ajuste para uso de tabaco e índice de massa corpórea. RESULTADOS: A taxa de resposta foi 75%. Ser mulher, ter mais idade, ser negro, fumante e ter um índice de massa corpórea elevado, foram associados a maior risco para doença coronariana. Indivíduos que nunca beberam na vida (OR = 2,22 e ex-bebedores (OR = 2,42 tiveram maior risco de doença cardíaca do que aqueles que informaram beber até 19 g de álcool por dia, sem episódios de beber excessivo. Entre os que tiveram episódios de embriaguês observou-se uma tendência a maior risco (OR = 3,95, p = 0,09. CONCLUSÕES: Nossos achados sugerem um menor risco para doença coronariana entre os bebedores moderados. Destaca-se que os estudos que avaliam o impacto do álcool sobre doença cardíaca precisam identificar o padrão de uso de álcool dos sujeitos, visto que este aspecto pode modificar o risco. Políticas públicas são necessárias para reduzir o uso nocivo de álcool e a morbidade a ele relacionada no país. OBJECTIVES: To examine the association between patterns of drinking and coronary heart disease (CHD risk in a populational sample. METHODS: A population-based cross-sectional study

  19. Resposta de fase aguda, subnutrição e estado nutricional do ferro em adultos com AIDS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Monteiro Jacqueline Pontes

    2000-01-01

    Full Text Available Foram comparados o estado nutricional e parâmetros do metabolismo do ferro de adultos HIV-positivos, com ou sem resposta de fase aguda (RFA. Adultos HIV-positivos (n = 29 submeteram-se a antropometria, recordatório alimentar e determinação sérica de albumina, proteína C reativa (PCR, ferritina e capacidade total de ligação do ferro (CTLF, além de creatinina urinária. Infecção mais PCR > 7mg/dl foram critérios de positividade da RFA. Índice de massa corporal (IMC < 18,5kg/m2 e índice creatinina-altura (ICA < 70% definiram subnutrição. Subnutrição (77,8 vs 40% e tuberculose pulmonar (44,4 vs 9,5% foram mais freqüentes nos pacientes RFA-positivos, que também apresentaram menores níveis de albumina (3,7 ± 0,9 vs 4,3 ± 0,9g/dl, CTLF (165,8 ± 110,7 vs 265,9 ± 74,6mg/dl e hemoglobina (10,5± 1,8 vs 12,6 ± 2,3g/dl. A ingestão de ferro foi adequada e similar entre RFA-positivos e RFA-negativos, o mesmo ocorrendo, respectivamente, quanto à ferritina sérica (mediana; variação, 568; 45,3-1814 vs 246; 18,4-1577ng/ml. Pacientes HIV-positivos com resposta de fase aguda são nutricionalmente mais comprometidos e têm anemia que parece não depender da ingestão recente de ferro.

  20. Acute myeloid leukaemia induced by mitoxantrone: case report Leucemia mielóide aguda induzida por mitoxantrone: relato de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Walter Oleschko Arruda

    2005-06-01

    Full Text Available Mitoxantrone (MX is an immunosupressant drug used in secondarily progressive multiple sclerosis (SPMS and in relapsing-remitting multiple sclerosis (RRMS. It has a leukemogenesis potential induced by cytogenetic abnormalities, though with a low incidence. Promyelocitic leukaemia (type M3 and other forms of acute myeloblastic leukaemias (M4 and M5 have been described in a few MS patients who received MX during their treatment. We describe a white female patient, 47 year-old, with SPMS (EDSS = 4 with 14 years of disease. She received MX during her disease and developed acute promyelocytic leukaemia (M3, with severe thrombocytopenia 30 months later. She ultimately died due to intracerebral hemorrhage. Other cases of treatment related to AML are reviewed and discussed.Mitoxantrone (MX é uma agente imunossupressor utilizado nas formas progressivas secundárias de esclerose múltipla (EM ou formas surto-remissão sem resposta com outras formas de tratamento (p.ex. beta-interferon, acetato de glatirâmer. Com o uso desta medicação, ocorre uma incidência maior, embora pequena, de desenvolvimento de leucemia mielóide aguda induzida por quimioterápicos. Descrevemos o caso de uma paciente com forma progressiva secundária de EM, submetida a uma dose única de MX de 15mg e que 30 meses após desenvolveu quadro fulminante de leucemia promieloblástica aguda (M3, com trombocitopenia grave. A paciente faleceu por hemorragia intracerebral maciça. É feita revisão de outros casos relatados na literatura e os possíveis mecanismos de desenvolvimento desta complicação grave secundária ao uso do MX.

  1. Vasculite necrosante na glomerulonefrite difusa aguda pós-infecciosa

    OpenAIRE

    Riyuso Márcia C; Carvalho Maria Fernanda C; Trindade Amélia A. T; Mendonça Luciana B.; Saggioro Fabiano P; Viero Rosa M

    2004-01-01

    Os autores relatam dois casos de glomerulonefrite difusa aguda pós-infecciosa com evolução clinicomorfológica incomum. As biópsias renais mostraram alterações características de glomerulonefrite difusa aguda associada à extensa necrose fibrinóide e infiltrado inflamatório leucocitário na parede de arteríolas e artérias interlobulares. Foram também observadas crescentes. Ambos os pacientes cursaram com insuficiência renal aguda severa, sendo que um dos pacientes recuperou a função renal e outr...

  2. Prevalencia de enfermedad diverticular del apéndice cecal en pacientes apendicectomizados por apendicitis aguda

    OpenAIRE

    Muñoz C,César; Mansilla E,Juan; Roa S,Juan Carlos; Heider C,Claudia

    2011-01-01

    Introducción: La enfermedad diverticular del apéndice cecal es un hallazgo infrecuente en apendicectomizados por sospecha clínica de apendicitis aguda. Nuestro objetivo es evaluar la prevalencia de enfermedad diverticular del apéndice cecal en pacientes apendicectomizados por sospecha clínica de apendicitis aguda. Material y Método: Diseño de estudio: Estudio de corte transversal. Criterios de inclusión: Pacientes apendicectomizados por sospecha clínica de apendicitis aguda. Período de estudi...

  3. Prevalencia de enfermedad diverticular del apéndice cecal en pacientes apendicectomizados por apendicitis aguda

    OpenAIRE

    MUÑOZ C,CÉSAR; MANSILLA E,JUAN; Roa S,Juan Carlos; Heider C,Claudia

    2011-01-01

    Introducción: La enfermedad diverticular del apéndice cecal es un hallazgo infrecuente en apendicectomizados por sospecha clínica de apendicitis aguda. Nuestro objetivo es evaluar la prevalencia de enfermedad diverticular del apéndice cecal en pacientes apendicectomizados por sospecha clínica de apendicitis aguda. Material y Método: Diseño de estudio: Estudio de corte transversal. Criterios de inclusión: Pacientes apendicectomizados por sospecha clínica de apendicitis aguda. Período de estudi...

  4. Algunas observaciones sobre la apendicitis aguda en los niños

    OpenAIRE

    Piñeros Suárez, Luis

    2011-01-01

    La apendicitis aguda en los niños, presenta actitudes particulares que diferencian de la apendicitis aguda del adulto y que vienen a formar grupos clínicos casi exclusivamente de la infancia. De una manera general, las formas más graves, las formas fulminantes de la apendicitis aguda se encuentran especialmente en la infancia y en estas formas graves llama poderosamente la atención, la falta de relación entre los signos clínicos observados y la importancia de las lesiones encontradas en el ap...

  5. Intoxicacion aguda por hierro.(Articulo de revision)(Perspectiva general de la enfermedad/trastorno)

    National Research Council Canada - National Science Library

    Alfonso Bustamante-Cristancho, Luis

    2011-01-01

    .... La intoxicacion aguda por hierro representa un alto potencial letal y para llegar a dicho estado se requieren dosis extremadamente altas como 200 a 250 mg/kg de hierro elemental, aunque recientemente...

  6. Calcio sérico total y calcio corregido como predictores de severidad en pancreatitis aguda

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.A. Gutiérrez-Jiménez

    2014-01-01

    Conclusiones: El CT y CCA tomados en las primeras 24 h son útiles como predictores de severidad en pancreatitis aguda, con valores de S y predictivos comparables o superiores a los de las escalas pronósticas tradicionales.

  7. Embolectomía en una embolia pulmonar aguda masiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manuel Carnero Alcázar

    2007-07-01

    Full Text Available Presentamos el caso de un varón de 57 años que, en el seno de un meningioma microcítico, padece una tromboembolia pulmonar masiva aguda con inestabilidad hemodinámica. Dado el riesgo de hemorragia por el tumor craneal, se contraindica la terapia fibrinolítica y se procede a practicar embolectomía pulmonar. Ésta se realiza bajo anestesia general, con canulación convencional y bajo hipotermia moderada. Se extrae émbolo en el tronco de la arteria pulmonar y con catéter de Fogarty se extraen émbolos en ramas lobares y segmentarias. Discutimos la asociación de enfermedad tromboembólica con determinadas neoplasias y el tratamiento de la tromboembolia pulmonar

  8. Isquemia aguda de miembros inferiores secundaria a ergortismo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Franco J. Vallejo, MD

    2011-11-01

    Full Text Available Paciente de género femenino, de 21 años de edad, quien ingresó por dolor progresivo e intenso en miembros inferiores, y refirió antecedente reciente de ingestión de derivados del ergot. Al examen físico se observó ausencia de pulsos en ambos miembros inferiores. Por angiotomografia se documentó disminución severa, generalizada y bilateral, del calibre de los vasos arteriales de miembros inferiores. Se diagnosticó isquemia arterial aguda secundaria a ergotismo y se inició tratamiento con vasodilatadores y calcio-antagonistas, que resolvió los síntomas en su totalidad.

  9. Oclusão arterial aguda por derivados da ergotamina

    OpenAIRE

    Souza,Edison Barreto de; Araújo,Márcia Marinho Gomes de

    2009-01-01

    Os derivados da ergotamina compõem diversas drogas amplamente utilizadas no tratamento de ataques agudos de migrânea. A intoxicação por estas substâncias resulta geralmente de sua administração crônica, promovendo sintomas secundários ao espasmo arterial e à consequente isquemia distal. Neste artigo, é relatado o caso de uma paciente de 47 anos com diagnóstico de oclusão arterial aguda em membros inferiores secundária ao uso de derivados da ergotamina. Após a suspensão da droga e a prescrição...

  10. Comportamiento de la enfermedad diarreica aguda en Guatemala

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mario Enrique Plá Acevedo

    2015-12-01

    Full Text Available Se realizó un estudio descriptivo de corte transversal, con el objetivo de conocer el comportamiento de la Enfermedad Diarreica Aguda (EDA en Tierra Blanca, Departamento Petén, Guatemala; en el período comprendido de enero a diciembre del año 2011. El universo de estudio lo formaron todos los individuos que fueron evaluados en el puesto de salud de Tierra Blanca con diagnóstico clínico de EDA. La muestra estuvo constituida por 529 pacientes. Se trabajó con el Sistema de Información Gerencial en Salud 18 (SIGSA, las fichas de salud individual de cada paciente, así como una entrevista estructurada que se le aplicó a los mismos, previo consentimiento informado; información con la cual se obtuvieron las variables relacionadas con los aspectos socio-demográficos, epidemiológicos y clínicos. Los meses donde más casos se reportaron fueron entre mayo y septiembre, coincidiendo esto con los meses de lluvias. Las edades más frecuentes fueron de uno a diez años y el sexo que predominó fue el masculino. El 40,3% consumían agua procedente de chorro intradomiciliario; las infecciones respiratorias agudas fueron las patologías que con más frecuencia se asociaron a las EDA y el 88,1% recibió tratamiento con sales de rehidratación oral.

  11. Diarreia aguda: manejo baseado em evidências

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kátia Galeão Brandt

    2015-12-01

    Full Text Available Resumo Objetivos: Descrever as recomendações atuais sobre a melhor maneira de conduzir o paciente pediátrico com doença diarreica aguda. Fonte dos dados: PubMed, Scopus, Scholar Google. Síntese dos dados: Houve pouco avanço no uso dos sais de reidratação oral (SRO nas últimas décadas apesar de ser amplamente divulgado por meio de diretrizes internacionais. Vários estudos vêm sendo feitos na tentativa de melhorar a eficácia do SRO. Hidratação venosa com solução salina isotônica, infundida de forma rápida, deve ser indicada em casos de desidratação grave. A nutrição deve ser assegurada logo após a resolução da desidratação e é primordial para a saúde intestinal e imunológica. Restrições alimentares usualmente não são benéficas e podem ser prejudiciais. As medicações sintomáticas têm indicação restrita e antibióticos são indicados em casos específicos, cólera e shiguelose moderada a grave. Conclusões: A hidratação e a nutrição continuam a ser as intervenções com melhor impacto sobre o curso da diarreia aguda.

  12. Intervenção coronariana percutânea no Brasil: resultados do Sistema Único de Saúde

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leopoldo Soares Piegas

    2011-04-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: O Sistema Único de Saúde (SUS realiza aproximadamente 80% das intervenções coronarianas percutâneas (ICP no Brasil. O conhecimento desses dados permitirá planejar adequadamente o tratamento da doença arterial coronariana (DAC. OBJETIVO: Analisar e discutir os resultados das ICP realizadas pelo SUS. MÉTODOS: Foram avaliados os dados do SIH/DATASUS disponibilizados para consulta pública. RESULTADOS: Entre os anos de 2005 a 2008 foram realizados 166.514 procedimentos em 180 hospitais. A mortalidade hospitalar média foi de 2,33%, variando de 0% a 11,35%, sendo mais baixa no Sudeste, 2,03% e mais alta na região Norte, 3,64% (p 0,05. A mortalidade foi maior no gênero feminino (p 65 a (p < 0,001. No diagnóstico de angina (79.324, 47,64% a mortalidade foi de 1,03% e no de IAM (33.286, 32,30% 6,35% (p < 0,0000001. No implante único de stent, o mais frequente (102.165, 61,36%, a mortalidade foi de 1,20%, e na ICP primária (27.125, 16,29%, 6,96%. CONCLUSÃO: Embora crescente, ainda é baixo o número de ICP no país. Os hospitais de grande volume, em menor número, foram responsáveis pela maior parte dos procedimentos. O implante único de stent por internação foi o procedimento reportado mais empregado. As mortalidades tiveram grande variabilidade entre os hospitais. A ICP primária foi a responsável pela maior taxa de mortalidade.

  13. Insuficiência renal aguda e febre prolongada – um caso de nefrite intersticial aguda induzida por fármacos

    OpenAIRE

    Melo, Cláudia; Santos Silva, Rita; Tomé, Soraia; Carvalho, Sónia; Teixeira, Paulo

    2013-01-01

    A nefrite intersticial aguda (NIA) é uma causa de insuficiência renal aguda em idade pediátrica. A etiologia medicamentosa é a mais frequente e o tratamento primário da NIA consiste na eliminação do agente etiológico suspeito. Descreve-se o caso de uma adolescente, de 15 anos, com uma síndrome febril com 24 dias de evolução, acompanhado de exantema maculopapular e insuficiência renal aguda (IRA). Após exclusão de etiologias mais frequentes, foi diagnosticada NIA induzida por fármacos e após d...

  14. Avaliação da reprodutibilidade da tomografia computadorizada no estadiamento da pancreatite aguda Reproducibility in the assessment of acute pancreatitis with computed tomography

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edison de Oliveira Freire Filho

    2007-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Medir a reprodutibilidade da tomografia computadorizada sem e com contraste na avaliação da gravidade da pancreatite aguda. MATERIAIS E MÉTODOS: Cinqüenta e um exames de tomografia computadorizada abdominal sem e com contraste de pacientes com pancreatite aguda foram analisados por dois radiologistas (observadores 1 e 2. Calculamos o índice morfológico pela tomografia computadorizada sem e com contraste, separadamente, e o índice de gravidade da tomografia computadorizada para pancreatite aguda. Medimos a reprodutibilidade intra- e interobservador da tomografia computadorizada através do índice kappa (kapa. RESULTADOS: Para a concordância interobservador obtivemos kapa de 0,666, 0,705, 0,648, 0,547 e 0,631 para índice morfológico sem e com contraste, presença de necrose pancreática, extensão da necrose pancreática e índice de gravidade da tomografia computadorizada, respectivamente. Para a concordância intra-observador dos observadores 1 e 2 obtivemos, respectivamente, kapa de 0,796 e 0,732 para o índice morfológico sem contraste; 0,725 e 0,802 para o índice morfológico com contraste; 0,674 e 0,849 para a presença de necrose pancreática; 0,606 e 0,770 para a extensão da necrose pancreática; e 0,801 e 0,687 para o índice de gravidade da tomografia computadorizada. CONCLUSÃO: O estadiamento da pancreatite aguda pela tomografia computadorizada por meio do índice morfológico e do índice de gravidade da tomografia computadorizada é um método bastante reprodutível. O não-uso do contraste não afeta a reprodutibilidade da tomografia computadorizada para o cálculo do índice morfológico.OBJECTIVE: To evaluate the reproducibility of unenhanced and contrast-enhanced computed tomography in the assessment of patients with acute pancreatitis. MATERIALS AND METHODS: Fifty-one unenhanced and contrast-enhanced abdominal computed tomography studies of patients with acute pancreatitis were blindly reviewed by two

  15. Porfiria aguda intermitente: valor do teste de Watson e Schwartz para o diagnóstico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Lamartine de Assis

    1957-03-01

    Full Text Available É apresentado um caso de Porfiria aguda intermitente em uma jovem de 20 anos do sexo feminino. Os primeiros sintomas - cólicas abdominais periódicas - surgiram aos 15 anos de idade. As complicações neurológicas apareceram logo após um stress cirúrgico condicionado por uma laparotomia. Não havia casos de Porfiria com manifestações clínicas entre os familiares, porém o pai e quatro irmãos eram portadores de porfobilinogênio na urina. Ao exame clínico chamava a atenção o precário estado geral da enfêrma, estando normais os diversos órgãos e aparelhos. A paciente apresentava alterações do humor com depressão, chôro e irritabilidade, e fases de completa apatia. O exame neurológico mostrou tetraplegia flácida sensitivo-motora com desordens esfineterianas. Os exames subsidiários excluíram alterações funcionais hepáticas e renais, mostraram uma leucocitose sem causa infecciosa aparente e uma glicosúria muito discreta e transitória. Dois eletrencefalogramas feitos com intervalo de três meses e coincidindo com fases de piora e de remissão da doença, mostraram disrritmia paroxística difusa; é de notar que a paciente jamais tivera epilepsia ou eqüivalentes. O eletrodiagnóstico e a eletromiografia mostraram grave comprometimento do neurônio motor periférico em quase todos os territórios musculares dos membros. O exame dermatológico revelou lesões cutâneas sem qualquer relação com a Porfiria. O exame anátomo-patológico de peça muscular retirada por biopsia revelou atrofia de músculo esfriado. A eletroforese mostrou, em relação aos valores aceitos como normais, aumento percentual de globulinas com queda da relação albumina-globulina no soro sangüíneo e no liqüido cèfalorraquidiano; em ambos, o aumento das globulinas era devido à elevação dos percentuais das globulinas α2 e γ. Foi demonstrada a presença das co proporfirinas em grande quantidade na urina, e do porfobilinogênio também na urina

  16. Apendicitis aguda: incidencia y factores asociados. Hospital Nacional “Dos de Mayo” Lima, Perú 2009

    OpenAIRE

    Gamero, Marco; Barreda, Jorge; Hinostroza, Gerardo

    2011-01-01

     OBJETIVODeterminar la incidencia de la apendicitis aguda y sus factores asociados en el Hospital Nacional “Dos de Mayo”.MATERIAL Y MÉTODOEs un estudio observacional, descriptivo, transversal y retrospectivo. Las variables fueron: edad, sexo, tipo de apendicitis aguda, tipo de cirugía, apendicitis aguda complicada y no complicada, tipo de sutura de herida, tratamiento del muñón apendicular y drenaje en apendicitis agudaSe revisaron los Reportes Operatorios en los libros de Emergencia del cita...

  17. Apendicitis aguda: incidencia y factores asociados. Hospital Nacional “Dos de Mayo” Lima, Perú 2009

    OpenAIRE

    Gamero, Marco; Barreda, Jorge; Hinostroza, Gerardo

    2011-01-01

     OBJETIVODeterminar la incidencia de la apendicitis aguda y sus factores asociados en el Hospital Nacional “Dos de Mayo”.MATERIAL Y MÉTODOEs un estudio observacional, descriptivo, transversal y retrospectivo. Las variables fueron: edad, sexo, tipo de apendicitis aguda, tipo de cirugía, apendicitis aguda complicada y no complicada, tipo de sutura de herida, tratamiento del muñón apendicular y drenaje en apendicitis agudaSe revisaron los Reportes Operatorios en los libros de Emergencia del cita...

  18. Segmented Foil SEM Grids at Fermilab

    CERN Document Server

    Kopp, Sacha E; Childress, Sam; Ford, R; Harris, Debbie; Indurthy, Dharmaraj; Kendziora, Cary; Moore, Craig D; Pavlovich, Zarko; Proga, Marek; Tassotto, Gianni; Zwaska, Robert M

    2005-01-01

    We present recent beam data from a new design of a profile monitor for proton beams at Fermilab. The monitors, consisting of grids of segmented Ti foils 5micrometers thick, are secondary-electron emission monitors (SEM's). We review data on the device's precision on beam centroid position, beam width, and on beam loss associated with the SEM material placed in the beam.

  19. Recomendaciones para el manejo de la faringoamigdalitis aguda del adulto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Josep M. Cots

    2015-10-01

    Full Text Available La faringoamigdalitis aguda (FAA en el adulto es una de las enfermedades infecciosas más comunes en la consulta del médico de familia. La etiología más frecuente es viral. Dentro de la etiología bacteriana, el principal agente responsable es Streptococcus pyogenes o estreptococo β-hemolítico del grupo A (EBHGA, causante del 5-30% de los casos. En el manejo diagnóstico, las escalas de valoración clínica para predecir la posible etiología bacteriana, son una buena ayuda para seleccionar a qué pacientes se deben practicar las técnicas de detección rápida de antígeno estreptocócico. Es conocido que, en general, sin estas técnicas se tiende al sobrediagnóstico de FAA estreptocócica, con la consiguiente prescripción innecesaria de antibióticos, muchas veces de amplio espectro. Así, con el manejo de las escalas y la técnica de diagnóstico rápido, elaboramos los algoritmos de manejo de la FAA. Los objetivos del tratamiento son acelerar la resolución de los síntomas, reducir el tiempo de contagio y prevenir las complicaciones supurativas locales y no supurativas. Los antibióticos de elección para el tratamiento de la FAA estreptocócica son penicilina y amoxicilina. La asociación de amoxicilina y clavulánico no está indicada en el tratamiento inicial en la infección aguda. Los macrólidos tampoco son un tratamiento de primera elección; su uso debe reservarse para pacientes con alergia a la penicilina. Es importante en nuestro país adecuar tanto el diagnóstico de la FAA bacteriana y la prescripción de antibióticos a la evidencia científica disponible. La implantación de protocolos de actuación en las farmacias comunitarias puede ser de utilidad para identificar y cribar los casos que no requieran tratamiento antibiótico.

  20. Formas agudas de periodontitis Acute conditions of periodontal disease

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L. Pérez-Salcedo

    2008-04-01

    Full Text Available La clasificación de las Enfermedades Periodontales ha cambiado en las últimas décadas. En la clasificación la AAP de 1989 la periodontitis necrotizante ocupaba el cuarto lugar. En el Workshop Europeo de 1993 la periodontitis necrotizante aparece en el grupo de los descriptores primarios. Según el Internacional Workshop for a Classification of Periodontal Diseases and Conditions 1999 en el que se revisó y se modificó la clasificación de las patologías periodontales, las enfermedades periodontales necrotizantes ocupan el punto cinco, diferenciándose entre Gingivitis Necrotizante y Periodontitis Necrotizante. Y se añade en la clasificación el grupo de abscesos periodontales. En este artículo de revisión vamos a profundizar acerca de las formas agudas de periodontitis.The Periodontal Diseases classification had changed in the last decades. In AAP classification of 1989 the necrotize was in the 4th position. In the European Workshop was in the group of primary descriptors. According to the International Workshop for a Classification of Periodontal Diseases and Conditions 1999, review and modificated the classification of periodontal pathologies, the periodontal necrotize diseases are in the 5th position, distinguishing between Necrotize Gingivitis and Necrotize Periodontitis. And Peridontal Abscesses was add to the classification. In this paper we are going to review about the acute forms of Periodontal Diseases.

  1. Pericarditis aguda: diagnóstico electrocardiográfico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Abraham enrique Katime Zúñiga

    2014-06-01

    Full Text Available La pericarditis es un proceso inflamatorio del pericardio, por lo general relacionado con procesos virales respiratorios o gastrointestinales; esta entidad es una de las principales causas de dolor torácico en el servicio de urgencias. El médico debe estar familiarizado con las manifestaciones clínicas y el flujograma diagnóstico. El diagnóstico de la pericarditis usualmente es clínico, los estudios paraclínicos evidencian inflamación sistémica (leucocitosis, aumento de la VSG y PCR. Las enzimas cardíacas (CPK MB – Troponinas se encuentran elevadas en casos de compromiso miocárdico asociado (Miopericarditis. El ecocardiograma revela derrame pericárdico, y el electrocardiograma se caracteriza por elevación difusa del segmento ST. En este artículo revisaremos los principales cambios electrocardiográficos relacionados a la pericarditis aguda y sus complicaciones. (Duazary 2009-II 159-164

  2. Otitis media aguda: nuevo enfoque terapéutico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ileana Alvarez Lam

    2004-03-01

    Full Text Available La otitis media aguda continúa siendo una de las enfermedades infecciosas más frecuentes en la infancia. Se hace una revisión del tema haciendo énfasis en la conducta terapéutica actual luego del surgimiento de complejos mecanismos de resistencia bacteriana creados por los microorganismos causantes de la enfermedad. Como toda enfermedad infecciosa las esperanzas están cifradas en el surgimiento de una vacuna que impacte de forma positiva en nuestra población infantil. En tal sentido se hace una reflexión sobre el uso de la vacuna antineumocócica de 7 valencias (Prevnar y su repercusión sobre esta enfermedad.Acute otitis media is still one of the most common infectious diseases among children. A review of the topic is made giving emphasis to the present therapeutic conduct after the appearance of complex mechanisms of bacterial resistance created by the microorganisms causing the disease. As in every infectious disease, we place our hopes on the emergence of a vaccine with a positive impact on our infantile population. In this sense, a reflection is made on the use of the heptavalent antipneumococcic vaccine (Prevnar and its repercussion on this disease.

  3. Dominância coronariana na síndrome da hipoplasia do coração esquerdo Coronary dominance patterns in hypoplastic left heart syndrome

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Decio Cavalet Soares Abuchaim

    2011-12-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Apesar de a síndrome do coração esquerdo hipoplásico (SCEH ser extensamente estudada, esta doença ainda apresenta mortalidade elevada se comparada a outras doenças tratadas como fisiologia univentricular. Assim, diferenças morfológicas entre fenótipos dentro do espectro da SCEH podem ser fatores de risco e sua identificação pode auxiliar na escolha terapêutica entre os subgrupos anatômicos. OBJETIVOS: Determinar a forma mais frequente de dominância coronariana em corações com SCEH nos subgrupos com atresia (AM e estenose mitral (EM. MÉTODOS: Análise da anatomia coronariana de acordo com a distribuição dos ramos epicárdicos e o padrão de dominância, classificadas em direita, esquerda ou balanceada. O grupo controle foi composto por nove peças de corações morfologicamente normais. O grupo SCEH constituiu-se de nove peças com AM e 24 peças com EM. Para análise estatística foi utilizado o teste do qui-quadrado. RESULTADOS: Houve diferença significativa entre os dois grupos em relação à dominância coronariana (x²= 9,298; P=0,01. A dominância esquerda esteve presente em 75% dos casos de EM, e a balanceada só foi observada na EM. No grupo controle, observou-se dominância direita em todos os casos (PINTRODUCTION: Although hypoplastic left heart syndrome (HLHS be extensively studied, this disease still has a high mortality rate compared to other diseases treated as univentricular physiology. In this way, morphological differences between phenotypes within the spectrum of HLHS may be risk factors and their identification can assist in choosing treatment between subgroups. OBJECTIVE: To identify the most prevalent form of coronary artery dominance in hearts with HLHS groups with mitral atresia (MA and mitral stenosis (MS. METHODS: Analysis of coronary anatomy according to the distribution of epicardial branches and the pattern of dominance, classified as right, left or balanced. The control group was

  4. Injúria renal aguda em unidade de terapia intensiva: estudo prospectivo sobre a incidência, fatores de risco e mortalidade Acute kidney injury in intensive care unit patients: a prospective study on incidence, risk factors and

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela Ponce

    2011-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar características clínicas e evolução de pacientes com e sem injúria renal aguda adquirida em unidade de terapia intensiva geral de um hospital universitário terciário e identificar fatores de risco associados ao desenvolvimento de injúria renal aguda e à mortalidade. MÉTODOS: Estudo prospectivo observacional com 564 pacientes acompanhados diariamente durante a internação em unidade de terapia intensiva geral do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu por 2 anos consecutivos (de maio de 2008 a maio de 2010, divididos em 2 grupos: com injúria renal aguda adquirida (G1 e sem injúria renal aguda adquirida (G2. RESULTADOS: A incidência de injúria renal aguda foi 25,5%. Os grupos diferiram quanto à etiologia da admissão em unidade de terapia intensiva (sepse: G1:41,6% x G2:24,1%, p55 anos, APACHE II>16, creatinina (cr basal>1,2 e uso de anti-inflamatórios não hormonais (OR=1,36 IC:1,22-1,85, OR=1,2 IC:1,11-1,33, OR=5,2 IC:2,3-11,6 e OR=2,15 IC:1,1-4,2, respectivamente e a injúria renal aguda esteve independentemente associada ao maior tempo de internação e à mortalidade (OR=1,18 IC:1,05-1,26 e OR=1,24 IC:1,09-1,99 respectivamente. À análise da curva de sobrevida, após 30 dias de internação, a mortalidade foi de 83,3% no G1 e 45,2% no G2 (p55 anos, APACHE II>16, Cr basal >1,2 e uso de anti-inflamatórios não hormonais e a injúria renal aguda é fator de risco independente para o maior tempo de permanência em unidade de terapia intensiva e mortalidade.OBJECTIVE:To compare the clinical features and outcomes of patients with and without acute kidney injury in an intensive care unit of a tertiary university hospital and to identify acute kidney injury and mortality risk factors. METHODS: This was a prospective observational study of a cohort including 564 patients followed during their stay in the intensive care unit of Hospital das Clinicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (Botucatu

  5. SEM probe of IC radiation sensitivity

    Science.gov (United States)

    Gauthier, M. K.; Stanley, A. G.

    1979-01-01

    Scanning Electron Microscope (SEM) used to irradiate single integrated circuit (IC) subcomponent to test for radiation sensitivity can localize area of IC less than .03 by .03 mm for determination of exact location of radiation sensitive section.

  6. Does Sexually Explicit Media (SEM) Affect Me?

    DEFF Research Database (Denmark)

    Hald, Gert Martin; Træen, Bente; Noor, Syed W

    2015-01-01

    and understanding of one’s sexual orientation.First-person effects refer to self-perceived and self-reported effects of SEM consumptionas experienced by the consumer. In addition, the study examined and provided athorough validation of the psychometric properties of the seven-item PornographyConsumption Effect...... Scale (PCES). The study found that 93% of MSM reported smallto-largepositive effects from their SEM consumption on their sexual knowledge,enjoyment of and interest in sex, attitudes towards sex and understanding of theirsexual orientation. Only 7% reported any negative effects from their SEM......Using a self-selected online sample of 448 Norwegian men who have sex with men(MSM) and a cross-sectional design, the present study investigated first-person effectsof sexually explicit media (SEM) consumption on sexual knowledge, enjoyment of andinterest in sex, attitudes towards sex...

  7. Detection of Coaxial Backscattered Electrons in SEM

    Institute of Scientific and Technical Information of China (English)

    2000-01-01

    We present a coaxial detection of the backscattered electrons in SEM. The lens-aperture has been used to filter in energy and focus the backscattered electrons. This particular geometry allows us to eliminate the iow energy backscattered electrons and collect the backscattered electrons, which are backscattered close to the incident beam orientation. The main advantage of this geometry is adapted to topographic contrast attenuation and atomic number contrast enhancement. Thus this new SEM is very suitable to analyze the material composition.

  8. O desafio de diagnosticar tromboembolia pulmonar aguda em pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica

    OpenAIRE

    Sérgio Saldanha Menna-Barreto

    2005-01-01

    Tromboembolia pulmonar aguda e exacerbação aguda de doença pulmonar obstrutiva crônica são doenças comuns. A doença pulmonar obstrutiva crônica é um fator clínico de risco para tromboembolia pulmonar aguda. As apresentações clínicas da tromboembolia pulmonar aguda e da exacerbação aguda da doença pulmonar obstrutiva crônica freqüentemente mimetizam-se tanto que pode ser difícil distingui-las. Anormalidades estruturais nos pulmões com doença pulmonar obstrutiva crônica tornam também difícil a ...

  9. Vasculite necrosante na glomerulonefrite difusa aguda pós-infecciosa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Riyuso Márcia C

    2004-01-01

    Full Text Available Os autores relatam dois casos de glomerulonefrite difusa aguda pós-infecciosa com evolução clinicomorfológica incomum. As biópsias renais mostraram alterações características de glomerulonefrite difusa aguda associada à extensa necrose fibrinóide e infiltrado inflamatório leucocitário na parede de arteríolas e artérias interlobulares. Foram também observadas crescentes. Ambos os pacientes cursaram com insuficiência renal aguda severa, sendo que um dos pacientes recuperou a função renal e outro evoluiu para insuficiência renal crônica e óbito.

  10. Nefronía lobar aguda en un niño: reporte de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Angie Vanessa Vergara-Espitia

    2015-04-01

    Full Text Available La nefronía lobar aguda o nefritis aguda focal es una entidad poco frecuente en los niños. Se trata de una infección renal con presentación clínica variada e inusual. Su diagnóstico se realiza a través de la tomografía axial computarizada (TAC, que actualmente es considerada como la prueba más sensible y especifica. Una terapia antibiótica adecuada, según el germen aislado, es la clave de un tratamiento exitoso que evite la progresión a absceso renal. Se presenta el caso de un paciente pediátrico que cursó con fiebre de origen prolongado y fue diagnosticado con nefronía lobar aguda después de varios días de estudio intrahospitalario.

  11. Fatores de risco para lesão renal aguda em pacientes com trauma grave e seus efeitos na mortalidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Luciano Baitello

    2013-06-01

    Full Text Available Os estudos que relacionaram lesão renal aguda (LRA e trauma surgiram durante a Segunda Guerra Mundial e, desde então, tem havido progressiva evolução dos cuidados para a prevenção da LRA. Entretanto, a determinação dos fatores de risco para o desenvolvimento de LRA pós-trauma permanece crucial e pode ajudar a reduzir esta complicação. OBJETIVO: Este estudo tem como objetivo identificar os fatores de risco para o desenvolvimento de LRA em pacientes com trauma grave e sua influência na mortalidade. Trata-se de um estudo retrospectivo com 75 pacientes incluídos por apresentarem trauma grave; seis foram excluídos por terem chegado ao hospital sem condições de ressuscitação. MÉTODO: As variáveis estudadas foram: idade, sexo, gravidade do trauma de acordo com Injury Severity Score (ISS e Escala de Coma de Glasgow (ECG, mecanismo de trauma, pressão arterial média na admissão, reposição volêmica nas primeiras 24h, níveis séricos de creatinina, uso de antibióticos nefrotóxicos, tempo de internação, necessidade de internação em UTI e mortalidade. RESULTADOS: A prevalência de LRA em traumatizados graves foi de 17,3%, sendo que os fatores associados à IRA nessa amostra foram TCE, ECG < 10. A mortalidade, o tempo de internação e a necessidade de UTI foram significativamente maiores nos pacientes que desenvolveram LRA. CONCLUSÕES: A identificação desses fatores de risco é de suma importância para a formulação de estratégias de atendimento aos pacientes vítimas de trauma grave, visando à prevenção da lesão renal aguda e da elevada mortalidade.

  12. Preditores de injúria renal aguda e de mortalidade em uma Unidade de Terapia Intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis Alberto Batista Peres

    2015-03-01

    Full Text Available Introdução e Objetivos: Comparar características clínicas e evolução dos pacientes com e sem injúria renal aguda (IRA, avaliar a incidência, mortalidade da IRA e fatores de risco de IRA e de óbito em pacientes em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI. Métodos: Estudo retrospectivo que analisou 152 pacientes em uma única UTI. Avaliamos a idade, o sexo, o motivo do internamento, fatores de risco para IRA, dados laboratoriais, a necessidade de terapia renal substitutiva e a mortalidade. Acute Physiology and Chronic Health Evaluation (APACHE II, Sequential Organ Failure Assessment (SOFA e RIFLE foram registrados no dia de admissão na UTI. Determinamos a incidência da IRA, mortalidade e os preditores independentes de IRA e de óbito utilizando o modelo de regressão logística. Resultados: A idade média foi de 57,1 ± 20 anos e 60,1% eram masculinos. IRA não dialítica ocorreu em 81 pacientes (53,2% e a IRA dialítica ocorreu em 19 pacientes (12,4%. A mortalidade global foi de 35,9%, enquanto que a taxa de mortalidade nos pacientes com IRA não dialítica foi de 43,2% e a dos com IRA dialítica de 84,2%. Na análise multivariada, a ventilação mecânica invasiva, a creatinina e a ureia elevadas na admissão foram fatores de risco independentes para IRA, enquanto que diagnóstico clínico, uso de ventilação mecânica invasiva, ureia e lactato aumentados e hipernatremia foram fatores de risco independentes para mortalidade na UTI. Conclusão: A incidência e a mortalidade de IRA na UTI foram elevadas neste estudo, apesar dos avanços que vêm surgindo no seu manejo.

  13. Bronquiolite aguda, uma revisão atualizada Acute bronchiolitis, an updated review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Werther Brunow de Carvalho

    2007-04-01

    Full Text Available A bronquiolite aguda (BA é um diagnóstico freqüente de internação hospitalar em pediatria, ocasionada principalmente pelo vírus sincicial respiratório (VSR. Ocorre epidemicamente nos meses de outono e inverno. Algumas populações de crianças (recém-nascidos pré-termo, cardiopatia congênita, doença pulmonar crônica, imunocomprometidos, desnutridos, entre outros apresentam maior risco de morbidade e mortalidade. Os vírus multiplicam-se nas células epiteliais ciliadas, e a inflamação e os debris celulares ocasionam obstrução da via aérea, hiperinsuflação, atelectasia localizada, chiado e alterações das trocas gasosas. Não existem evidências definitivas em relação aos tratamentos utilizados para esta doença. O tratamento inclui a utilização de oxigênio, hidratação, beta-2 agonistas por via inalatória, epinefrina racêmica, DNase recombinante, fisioterapia respiratória, entre outros. Medidas profiláticas: administração de anticorpos monoclonais (palivizumab. A maioria das crianças com BA, independentemente da gravidade da doença, recuperam-se sem seqüelas. O curso natural desta doença, habitualmente, varia entre sete a dez dias, mas algumas crianças permanecem doentes por semanas.Acute bronchiolitis (AB is a frequent cause of hospitalization among children and its main etiological agent is respiratory syncytial virus (RSV. It occurs epidemically during autumn and winter. Some populations of children such as premature newborns, infants with congenital heart disease and those with chronic lung disease, immunocompromised, undernourished, among others, present increased morbidity and mortality risk. The virus multiplies in epithelial ciliated cells while inflammation and cellular debris cause obstruction of the airways, hyperinflation, atelectasis, and wheezing and gas exchange imbalance. Definitive evidence still does not exist about treatment of this disease, Treatment includes oxygen therapy, hydration

  14. Nutrición en pancreatitis aguda Nutrition acute pancreatitis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    F. J. García-Alonso

    2012-04-01

    Full Text Available La pancreatitis aguda es una patología frecuente y potencialmente grave en la que el manejo nutricional influye de manera importante en su desarrollo, de tal forma que se puede considerar un tratamiento específico en los casos graves. Éstos suponen aproximadamente el 20% de los pacientes y presentan una mortalidad entre el 8-39%. En los casos leves se suele proceder a un ingreso en dieta absoluta y posterior reintroducción progresiva de la dieta. Aunque se ha demostrado que una reintroducción temprana acorta la duración del ingreso, existe incertidumbre acerca del momento y del tipo de dieta idóneos. Las pancreatitis graves son estados hipercatabólicos que se presentan en pacientes que frecuentemente presentan déficits nutricionales basales. El soporte nutricional iniciado precozmente por vía enteral ha demostrado un beneficio significativo respecto a la vía parenteral en cuanto a tasa de infección, control de glucemia y mortalidad. Este beneficio puede relacionarse con una disminución de la traslocación bacteriana. Si bien tradicionalmente se ha empleado la vía nasoyeyunal, existen estudios que apoyan la vía nasogástrica, mucho más accesible. En el siguiente texto ofrecemos una revisión actualizada del manejo nutricional en la pancreatitis aguda, intentando responder de manera clara y con un enfoque práctico a las preguntas que más frecuentemente se presentan en el manejo de esta patología.Acute pancreatitis is a common and potentially severe disease where nutritional support does affect its development in a way it may be considered a treatment in severe cases. These include around 20% of patients and present mortality rates of 8%-39%. In mild acute pancreatitis patients are prescribed nil per os at admission and advance diet in a progressive manner the following days. Although early introduction of diet has proven to shorten the length of stay, it is still not clear when and how to introduce diet. Severe disease is a

  15. Plasmaférese como modalidade terapêutica na pancreatite aguda por hipertrigliceridemia

    OpenAIRE

    Felipe Soares Castelliano Lucena de Castro; Ana Maria Reis Nascimento; Igor Amorim Coutinho; Alcazar,Fernanda Ribeiro de Fernandez Y; Jorge Mugayar Filho

    2012-01-01

    Pancreatite aguda é uma condição inflamatória manifestada clinicamente por dor abdominal e níveis séricos elevados das enzimas pancreáticas. A hipertrigliceridemia é sua terceira causa mais comum. O presente relato teve por objetivo descrever um caso de pancreatite aguda por hipertrigliceridemia, cuja modalidade terapêutica utilizada foi a plasmaférese. Paciente, gênero feminino, 48 anos, apresentou-se ao hospital com queixa de "dor muito forte na barriga". Relatou início do quadro com náusea...

  16. Intoxicaciones agudas en pacientes mayores de 65 años

    OpenAIRE

    P. Miranda Arto; A. Ferrer Dufol; Ruiz Ruiz, F. J.; S. Menao Guillén; E. Civeira Murillo

    2014-01-01

    Fundamento. Los estudios sobre la intoxicación aguda en sujetos de edad avanzada en nuestro país son escasos, a pesar de los riesgos asociados que presenta este grupo de pacientes. Material y métodos. Estudio descriptivo retrospectivo de las intoxicaciones agudas atendidas en el servicio de Urgencias del Hospital Clínico Universitario de Zaragoza entre 1995 y 2009, en pacientes con edad igual o mayor a 65 años. Resultados. Se registraron 762 casos, el 4,74% del total de intoxicados, con una e...

  17. Nuevas perspectivas en el tratamiento de la diarrea aguda del lactante: racecadotrilo

    OpenAIRE

    Maldonado Lozano, Jos??

    2006-01-01

    El prop??sito del presente trabajo es realizar una puesta al d??a del tratamiento de la diarrea aguda del lactante, as?? como evaluar la efi cacia del racecadotrilo, un nuevo f??rmaco antisecretor intestinal, en el tratamiento de la diarrea aguda. Se revisan los datos disponibles en la bibliograf??a referentes al tratamiento de rehidrataci??n y realimentaci??n y sobre racecadotrilo, en este ??ltimo caso tanto en experimentaci??n animal como sobre el tratamiento de adultos y ni??os...

  18. Nuevo enfoque de la interpretación del dolor en una pulpitis aguda

    OpenAIRE

    Andrés O Pérez Ruiz; Liulia Cartaya Padrón; Juan A. Rodríguez Palacios; Ileana Grau León

    2000-01-01

    El dolor es probablemente el principal motivo de consulta en las urgencias estomatológicas y es precisamente el dolor de la pulpitis aguda el que comentamos en este trabajo. El dolor pulpar en sí mismo es similar al dolor que resulta por inflamación de los órganos viscerales y, por lo tanto, podrían ser inadecuados los intentos de explicarlos por comparación con los nociceptores de estructuras somáticas. Se propone analizar el comportamiento del dolor como consecuencia de una pulpitis aguda, ...

  19. PANCREATITIS AGUDA EN EL EMBARAZO: A PROPÓSITO DE UN CASO CLÍNICO

    OpenAIRE

    Sanhueza R,Pablo; Yaksic B,Nicole; Chahuán I,Karina; Corvalán A,Jaime

    2004-01-01

    Se describe el caso clínico de un embarazo complicado con pancreatitis aguda, destacándose la importancia del diagnóstico correcto y las opciones terapéuticas en pacientes embarazadas. Paciente primigesta de 35 semanas con sospecha clínica de pancreatitis aguda y confirmación mediante amilasemia de 2.236 U/L y lipasemia de 1.930 U/L, es tratada en forma conservadora. Al cuarto día de hospitalización se realiza operación cesárea por sufrimiento fetal. Evoluciona en buenas condiciones y es dada...

  20. Plan de cuidados en una paciente con insuficiencia renal aguda. Caso Clínico

    OpenAIRE

    Delgado-Hito, Pilar; Romero García, Marta

    1999-01-01

    La Insuficiencia Renal Aguda puede definirse como una reducción o cese brusco de la función renal. Debido a la importancia del riñón en el mantenimiento del medio extracelular, la disminución aguda de la función renal afectará muchos, en realidad, la mayoría de los sistemas orgánicos. Los síntomas de presentación, curso clínico y complicaciones son manifestaciones de estos...

  1. Plasmaférese como modalidade terapêutica na pancreatite aguda por hipertrigliceridemia

    OpenAIRE

    Felipe Soares Castelliano Lucena de Castro; Ana Maria Reis Nascimento; Igor Amorim Coutinho; Fernanda Ribeiro de Fernandez Y Alcazar; Jorge Mugayar Filho

    2012-01-01

    Pancreatite aguda é uma condição inflamatória manifestada clinicamente por dor abdominal e níveis séricos elevados das enzimas pancreáticas. A hipertrigliceridemia é sua terceira causa mais comum. O presente relato teve por objetivo descrever um caso de pancreatite aguda por hipertrigliceridemia, cuja modalidade terapêutica utilizada foi a plasmaférese. Paciente, gênero feminino, 48 anos, apresentou-se ao hospital com queixa de "dor muito forte na barriga". Relatou início do quadro com náusea...

  2. Escala de Alvarado como herramienta diagnóstica para apendicitis aguda

    OpenAIRE

    Iván Pimienta Concepción; María Isabel Fong Betancourt; Raúl González Salas; Liset Camaño Carballo; Tatiana Carola Serrano Serrano; Graciela de las Mercedes Quishpe Jara; Verónica del Pilar Gavilanes Fray

    2017-01-01

    Introducción: La apendicitis aguda es la enfermedad intrabdominal más frecuente tratada de urgencia. Resulta de interés la utilización de la Escala de Alvarado en el diagnóstico de esta patología por su contribución a la disminución de apendicectomías negativas. Objetivo: Determinar la validez de la Escala de Alvarado como herramienta diagnóstica para apendicitis aguda en pacientes atendidos en el Servicio de Cirugía General del Hospital IESS Ambato. Métodos: Se realizó una investigac...

  3. Efectividad de la magnetoterapia como tratamiento en pacientes con lumbalgia aguda

    OpenAIRE

    Raidel González Rodríguez; Juan Cardentey García

    2015-01-01

    Son numerosos los pacientes aquejados de algias vertebrales, tanto lumbares como dorsales y cervicales. Se realizó esta investigación con el objetivo de determinar la efectividad de la magnetoterapia como tratamiento en la lumbalgia aguda, en pacientes atendidos en el policlínico universitario “Raúl Sánchez” de la provincia de Pinar del Río, Cuba. Se realizó un estudio descriptivo, prospectivo, de corte transversal en pacientes con lumbalgia aguda, pertenecientes a dicha área de salud. La mue...

  4. Manifestacoes orais decorrentes da quimioterapia em criancas portadoras de leucemia linfocitica aguda

    OpenAIRE

    Everton Freitas de Morais; Jadson Alexandre da Silva Lira; Romulo Augusto de Paiva Macedo; Klaus Steyllon dos Santos; Cassandra Teixeira Valle Elias; Maria de Lourdes Silva de Arruda Morais

    2014-01-01

    Introdução: A leucemia linfocítica aguda é um dos tipos de câncer mais comuns em crianças e é caracterizada pela produção excessiva e desordenada de leucócitos imaturos na medula óssea. Objetivo: Identificar as manifestações orais mais frequentes em crianças portadoras de leucemia linfocítica aguda sob o tratamento quimioterápico. Metodologia: A pesquisa foi realizada nas bases de dados eletrônicas PubMed/Medline, Science Direct, Scielo e Scopus. Procurou-se por artigos apresentados ...

  5. Tomografia computadorizada sem contraste intravenoso no abdome agudo: quando e por que usar When and why use unenhanced computed tomography in patients with acute abdomen

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edison de Oliveira Freire Filho

    2006-02-01

    Full Text Available A tomografia computadorizada sem contraste intravenoso tem sido freqüentemente proposta na avaliação inicial de pacientes com suspeita de abdome agudo, ocupando o espaço de outros métodos diagnósticos. Os autores apresentam uma revisão bibliográfica dos principais aspectos e eficácia da tomografia computadorizada sem contraste intravenoso no diagnóstico de apendicite aguda, cólica nefrética, diverticulite, pancreatite aguda, apendicite epiplóica, pneumoperitônio e obstrução intestinal. Discutem quais as vantagens e limitações desta técnica de exame, bem como seus aspectos práticos.The use of unenhanced computed tomography has been frequently recommended for the initial assessment of patients with clinical suspicion of acute abdomen instead of other diagnostic methods. The authors present a review of the literature on the main aspects, advantages, limitations and efficacy of unenhanced computed tomography for the diagnosis of acute appendicitis, renal colic, diverticulitis, acute pancreatitis, primary epiploic appendicitis, pneumoperitoneum and small bowel obstruction. The advantages and limitations of this technique are also discussed.

  6. Problemas identificados en el manejo de la enfermedad diarreica aguda

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Coronel Carbajal

    2000-08-01

    Full Text Available Se realizó un estudio retrospectivo de corte transversal en el Hospital "Armando E. Cardoso", en el período de 1 año (Mayo 98-Febrero 99. Este estudio consistió en encuestar a 256 madres de niños con diarreas agudas con el objetivo de identificar las costumbres inapropiadas que aún persisten en el manejo ambulatorio de las enfermedades diarreicas. Al concluir el estudio se pudo apreciar cómo en el 56,3 % de los pacientes hubo mal manejo alimentario, además solo el 12,1 % de las madres buscaron orientación médica en las primeras 24 horas. En este estudio se pudo conocer que el 100 % de las madres saben que las soluciones de rehidratación oral (SRO forman parte del tratamiento de la EDA, pero solo el 42 % conoce que previenen la deshidratación, además solo un 25 % conoce de otros líquidos que reemplazan el uso de las soluciones de rehidratación oralA cross-sectional study was conducted at the "Armando E. Cardoso" Hospital from May, 1998, to February,1999. 256 mothers of children with acute diarrhea were surveyed in order to identify the inappropiate costums that still exist in the ambulatory management of diarrheal diseases. A poor food management was observed in 56.3% of the patients and only 12.1% of the mothers looked for medical advice during the first 24 hours. It was possible to know through this study that 100% of the mothers know that oral rehydration solutions (ORS are part of the treatment of ADD, but only 42% know that the drug also prevents dehydration. Just 25% know about other fluids that replace the use of oral rehydration solutions

  7. Dacriocistitis aguda neonatal (1996-2005 Acute neonatal dacryocystitis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Zoila del S López Díaz

    2006-12-01

    Full Text Available Se realizó un estudio longitudinal y retrospectivo en diez años (1996-2005, de todos los neonatos cuyo motivo de ingreso en nuestra Unidad de Cuidados Intensivos Neonatales fue ser portadores de dacriocistitis aguda. Se obtuvo los siguientes resultados: incidencia 0,04 c/ 100 ingresos. Predominio: edades entre 7-27días (sepsis tardía, sexo femenino 66,6 %, nacidos de embarazos a término y con buen peso al nacer 100 %. Etiología no precisada 83,3 %. Tratamiento utilizado: antibioticoterapia (penicilina + gentacina, 4 pacientes, 66,6 %, (unasyn, 1 paciente, 16,6 %, (amoxicilina + unasyn + gentamicina, 1 paciente, 16,6 %; uso de inmunoglobulina humana en 2 pacientes. Complicaciones: celulitis facial y periorbitaria 66,6 %; absceso periorbitario 33,3 %; fiebre (33,3 % y obstrucción nasal 16,6 %. Evolución satisfactoria con seguimiento por Oftalmología después del egreso hospitalario, en 100 % de los casosA retrospective longitudinal study of all neonates admitted to our Intensive Care Unit because they suffered from acute dacryocystitis was performed for 10 years (1996-2005. The results were as follows: incidence rate of 0,04 per 100 admissions; prevalence: 7-27d age groups (late sepsis, females with 66,6%; neonates born to term pregnancies and with good birthweight in 100%. Inaccurate etiology in 83,3 %. Treatment: antibiotic therapy (penicilline + gentamycin in 4 paients, 66,6%, (unasyn, one patient, 16,6 %, (amoxycillin + unasyn +gentamycin, 1 patient, 16.6 %. Use of human immunoglobulin in 2 patients. Complications: facial and periorbital cellulitis, 66,6%; periorbital abscess 33,3 %; fever (33,3 % and nasal obstruction (16,6 %. Satisfactory recovery with ophtalmological follow-up after discharge from hospital in 100 % of cases

  8. Uso de antimicrobianos en la enfermedad diarreica aguda

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Enrique A. González Corona

    1996-04-01

    Full Text Available Se realizó un estudio sobre el estado actual del uso de antimicrobianos en el Servicio de Enfermedades Diarreicas Agudas del Hospital Infantil Docente Sur de Santiago de Cuba, durante el período comprendido entre marzo y agosto de 1992. El universo estuvo integrado por 427 pacientes ingresados, de los cuales sólo 13,1 % requirió el empleo de estos medicamentos: 9,4 % por infección enteral y 3,7 % por extraenteral bacteriana. Más de la tercera parte de los afectados curaron con alimentación continuada y rehidratación, en su mayoría oral, y fueron las diarreas persistentes y disentéricas las que más frecuentemente condicionaron su administración. El criterio clínico fue determinante en su indicación.A study was carried out on the current state of the use of microbicidals in the Acute Diarrhea Service of the Southern Educational Children's Hospital at Santiago de Cuba, during the period between March and August 1992. The universe was integrated by 427 inpatients, of which only the 13,1 % required the use of these drugs: 9,4 % due to enteral infection, and 3,7 % due to bacterial extraenteral infection. More than the third part of the patients healed with continuous feeding and rehydration, mostly oral, and the persistent and dysenteric diarrheas conditioned most frequently its administration. The clinical criterion was determining in its indication.

  9. Intoxicación aguda por hidrato de hidracina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Santiago Nogué Xarau

    2008-06-01

    Full Text Available Se aporta un caso de exposición aguda, debido a un vertido accidental de unos 25 litros de hidrato de hidracina, que el trabajador estuvo recogiendo sin ningún tipo de equipo de protección individual. El trabajador presentó alteraciones bucales, cutáneas y dolores abdominales difusos. De las pruebas complementarias únicamente se detectó un aumento de la bilirrubina total con predominio de la indirecta. Se le separó de la exposición, se le administró un tratamiento sintomático y en un periodo de un mes se recuperó íntegramente. Se comenta los principales casos de intoxicación por hidracina descritos en la literatura médica y se enfatiza en las medidas preventivas que se deben tomar para evitar casos como éste.We report a case of poisoning by acute exposure to hydrazine hydrate in a worker clearing up an accidental spillage of about 25 litres of the product who had no type of individual protective equipment. The patient presented buccal and cutaneous involvement and diffuse abdominal pain. Complementary tests were unremarkable except for an increase in total bilirubin with a predominance of indirect bilirubin. The patient was removed from the occupational exposure, symptomatic treatment was administered and the patient recovered completely after one month. We review the main reported cases of hydrazine poisoning and emphasize the preventive measures that should be taken to avoid this type of poisoning.

  10. Receptores plaquetários P2Y12: importância na intervenção coronariana percutânea

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Felipe Jose de Andrade Falcão

    2013-09-01

    Full Text Available As plaquetas estão envolvidas em vários processos biológicos, desde o combate a agentes infecciosos até a coordenação do controle da permeabilidade vascular e angiogênese. Entretanto, o seu principal foco de ação consiste na modulação da cascata de coagulação. A intervenção coronariana percutânea é um procedimento com alto risco trombogênico, que induz a ativação plaquetária e de monócitos, devido à lesão direta do endotélio e pelo contato de estruturas trombogênicas com o sangue, levando ao aumento da atividade inflamatória, tanto no local do dano vascular coronariano como de forma sistêmica. Os receptores plaquetários P2Y12 desempenham papel central na amplificação da agregação induzida por todos os agonistas plaquetários, como a adenosina difosfato, o colágeno, tromboxano A2, adrenalina e serotonina. Por esse motivo, têm sido o principal alvo das drogas antiplaquetárias. Apesar de atuarem no mesmo receptor, características farmacocinéticas e farmacodinâmicas distintas conferem peculiaridades a cada agente.

  11. CONHECIMENTO DOS TRABALHADORES DA INDÙSTRIA METAL-MECÂNICA SOBRE FATORES DE RISCO PARA DOENÇA ARTERIAL CORONARIANA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvia Bohrer Oliva

    2011-01-01

    Full Text Available RESUMO: Objetivo: identificar o conhecimento dos trabalhadores da indústria metalmecânica em relação aos fatores de risco para doença arterial coronariana (DAC e às atitudes voltadas a sua prevenção. Métodos: estudo com delineamento transversal, realizado com um grupo de trabalhadores da indústria metal-mecânica do sul do Brasil. A amostra foi por conveniência. Os dados foram coletados por meio de um questionário e verificação de medidas antropométricas. Análise descritiva. Resultados: foram incluídos 100 trabalhadores, com idade média de 29,0+10,16 anos, 66% homens. A obesidade foi considerada como fator de risco para DAC por 94% dos trabalhadores, a hipertensão arterial por 88% e hipercolesterolemia por 80%. Em relação às atitudes para prevenção da DAC, 51% da amostra referiram praticar atividade física. Conclusão: a maioria dos entrevistados conhece os principais fatores de risco para DAC. Contudo, as atitudes voltadas à prevenção ainda são limitadas.

  12. Grupo de reflexão com profissionais de uma Unidade de Terapia Intensiva Coronariana: um relato de experiência

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Suellen Rosana Costa Amaral

    Full Text Available Resumo Objetivo: descrever uma intervenção grupal realizada com os profissionais de uma equipe de saúde de uma Unidade de Terapia Intensiva Coronariana. Métodos: trata-se de um relato de experiência, em forma de narrativa, realizado por uma psicóloga-residente de um Programa de Residência Multiprofissional em Saúde da Mulher. Foram realizados cinco encontros, que ocorreram mensalmente, com os diferentes turnos de trabalho. Resultados: foram encontradas dificuldades institucionais e resistências da própria equipe, que foram sanadas, ao longo dos encontros, por meio de vínculos com os participantes e da maior apropriação da proposta pelas coordenadoras do grupo e pelos participantes. As atividades realizadas foram intercaladas entre recursos expressivos e momentos mais reflexivos. Foi possível observar transformação na prática profissional dos participantes e na relação com a equipe; maior facilidade na comunicação entre todos e valorização do autocuidado por parte dos profissionais. Conclusão: ofertar um espaço de escuta, de troca de experiências e de reflexão propicia grande potencial gerador de mudanças positivas na rotina de trabalho e no bem-estar desses profissionais.

  13. Validación semántica del Cardiac Patients Learning Needs Inventory para brasileños y portugueses Validação semântica do Cardiac Patients Learning Needs Inventory para brasileiros e portugueses

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luzia Elaine Galdeano

    2011-09-01

    Full Text Available O Cardiac Patients Learning Needs Inventory (CPLNI foi construído com o intuito de avaliar a necessidade de aprendizagem de pacientes com doença cardíaca. Este estudo teve como objetivo comparar resultados das validações semânticas da versão adaptada para o português do instrumento CPLNI, realizadas por meio da avaliação de 40 pacientes brasileiros e 16 portugueses internados para tratamento da doença arterial coronariana. Os participantes foram entrevistados individualmente e responderam os instrumentos para caracterização sócio-demográfica e clínica, a versão adaptada do CPLNI e o instrumento de validação semântica. Na avaliação geral do CPLNI, a maioria dos pacientes, tanto brasileiros como portugueses, considerou o instrumento adequado, de fácil compreensão e preenchimento. A validação semântica do CPLNI mostrou necessidade de algumas alterações na sua redação visando à adequação semântica do instrumento para seu uso em Portugal e no Brasil.El Cardiac Patients Learning Needs Inventory (CPLNI fue construido para evaluar la necesidad de aprendizaje de pacientes con enfermedad cardíaca. La finalidad de este estudio fue comparar los resultados de las validaciones semánticas de la versión adaptada para el portugués del instrumento CPLNI, efectuadas mediante la evaluación de 40 pacientes brasileños y 16 portugueses internados para tratamiento de la enfermedad arterial coronaria. Los participantes fueron entrevistados individualmente y respondieron a los instrumentos para caracterización sociodemográfica y clínica, la versión adaptada del CPLNI y el instrumento de validación semántica. En la evaluación general del CPLNI, la mayoría de los pacientes, tanto brasileños como portugueses, consideró el instrumento adecuado, de fácil comprensión y relleno. La validación semántica del CPLNI mostró necesidad de algunas alteraciones en su redacción con vistas a la adecuación semántica del instrumento

  14. Doença hepática aguda e edema palpebral persistente associados à mononucleose infecciosa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mônica Ayres de A. Scattolin

    2007-05-01

    Full Text Available Este trabalho tem como objetivo relatar e discutir o caso clínico de um paciente portador de mononucleose infecciosa, tendo como manifestação inicial edema palpebral seguido de hepatopatia aguda e icterícia. Descrição - J.F.G.F., masculino, cinco anos, com histórico de sete dias de edema bipalpebral, conjuntivas hiperemiadas, cansaço, anorexia, febre moderada, vômitos e dor abdominal em hipocôndrio direito. Há um dia passou a apresentar icterícia, urina escura, exantema urticariforme, febre de 39,5ºC e diarréia, tendo sido internado para rehidratação e investigação diagnóstica. Ao exame físico de entrada, apresentava-se abatido, estado geral comprometido, FC: 96, FR: 30, febril, PA: 110x 60 mmHg, descorado +/4+, desidratado de 2º grau, eupnéico e ictérico ++, infartamento ganglionar assimétrico generalizado, mais acentuado em região cervical posterior. Sem alterações ao exame cardíaco e pulmonar. Abdômen distendido, doloroso à palpação, fígado a 4 cm e baço a 2,5 cm. A avaliação laboratorial revelou Hb: 10,1 g/dL, leucocitose moderada com acentuada linfocitose e atipia linfocitária evidente, ALT: 179 U/L, AST: 232 U/L, LDH: 2.103 U/L e bilirrubinas: total 6,7 mg/Dl (direta 4,9 mg/dL, urina tipo I com bilirrubinas ++ e ultra-som de abdômen com hepatoesplenomegalia inespecífica. As sorologias para toxoplasmose citomegalovírus, hepatite foram negativas e para o vírus Epstein-Barr (EBV reagente: IgG: 108 UA/mL, e IgM 28 UA/mL. Após hidratação parenteral e antitérmico, o paciente evoluiu com a melhora dos parâmetros clínicos e laboratoriais. Discussão - Estima-se, atualmente, que 50% das crianças menores de cinco anos já apresentaram infecção pelo EBV. Vários agentes causam lesão hepática aguda. Entre os vírus ressalta-se os das hepatites, entretanto, pode ocorrer hepatopatia aguda por outras causas virais, entre elas, mononucleose e citomegalia. Sabe-se que a hepatomegalia ocorre em 10% a 20

  15. Partial Least Squares Strukturgleichungsmodellierung (PLS-SEM)

    DEFF Research Database (Denmark)

    Hair, Joe F.; Hult, G. Thomas M.; Ringle, Christian M.

    (PLS-SEM) hat sich in der wirtschafts- und sozialwissenschaftlichen Forschung als geeignetes Verfahren zur Schätzung von Kausalmodellen behauptet. Dank der Anwenderfreundlichkeit des Verfahrens und der vorhandenen Software ist es inzwischen auch in der Praxis etabliert. Dieses Buch liefert eine...... anwendungsorientierte Einführung in die PLS-SEM. Der Fokus liegt auf den Grundlagen des Verfahrens und deren praktischer Umsetzung mit Hilfe der SmartPLS-Software. Das Konzept des Buches setzt dabei auf einfache Erläuterungen statistischer Ansätze und die anschauliche Darstellung zahlreicher Anwendungsbeispiele anhand...... einer einheitlichen Fallstudie. Viele Grafiken, Tabellen und Illustrationen erleichtern das Verständnis der PLS-SEM. Zudem werden dem Leser herunterladbare Datensätze, Aufgaben und weitere Fachartikel zur Vertiefung angeboten. Damit eignet sich das Buch hervorragend für Studierende, Forscher und...

  16. FIB-SEM tomography in biology.

    Science.gov (United States)

    Kizilyaprak, Caroline; Bittermann, Anne Greet; Daraspe, Jean; Humbel, Bruno M

    2014-01-01

    Three-dimensional information is much easier to understand than a set of two-dimensional images. Therefore a layman is thrilled by the pseudo-3D image taken in a scanning electron microscope (SEM) while, when seeing a transmission electron micrograph, his imagination is challenged. First approaches to gain insight in the third dimension were to make serial microtome sections of a region of interest (ROI) and then building a model of the object. Serial microtome sectioning is a tedious and skill-demanding work and therefore seldom done. In the last two decades with the increase of computer power, sophisticated display options, and the development of new instruments, an SEM with a built-in microtome as well as a focused ion beam scanning electron microscope (FIB-SEM), serial sectioning, and 3D analysis has become far easier and faster.Due to the relief like topology of the microtome trimmed block face of resin-embedded tissue, the ROI can be searched in the secondary electron mode, and at the selected spot, the ROI is prepared with the ion beam for 3D analysis. For FIB-SEM tomography, a thin slice is removed with the ion beam and the newly exposed face is imaged with the electron beam, usually by recording the backscattered electrons. The process, also called "slice and view," is repeated until the desired volume is imaged.As FIB-SEM allows 3D imaging of biological fine structure at high resolution of only small volumes, it is crucial to perform slice and view at carefully selected spots. Finding the region of interest is therefore a prerequisite for meaningful imaging. Thin layer plastification of biofilms offers direct access to the original sample surface and allows the selection of an ROI for site-specific FIB-SEM tomography just by its pronounced topographic features.

  17. Perfil etiológico das diarréias agudas de crianças atendidas em São Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Souza Eloisa C.

    2002-01-01

    Full Text Available Objetivo: determinar o perfil etiológico das diarréias agudas de um grupo de crianças de baixo nível socioeconômico atendidas em um serviço regional de pronto-atendimento pediátrico. Método: durante dois anos, as crianças com diarréia aguda atendidas durante um horário pré-estabelecido do dia e da semana foram incluídas no estudo. Os outros critérios seletivos eram: a idade inferior a 5 anos; b não utilização de antibiótico no mês precedente; c ausência de viagem para fora da cidade no mês precedente. Foram pesquisados nas fezes: a rotavírus (imunofluorescência e contra-imunoeletroforese; b bactérias - cultura em ágar MacConkey, ágar SS, ágar Columbia, verde brilhante, soroaglutinação, detecção de toxinas - INV, LT,ST,SLT I, SLT II, teste de Séreny, detecção de fatores de virulência -- EAF, eae ,BFP; c protozoários (Hoffman e Faust. No mesmo período, um grupo controle sem diarréia foi também avaliado para os mesmos patógenos fecais. Resultados: no período de março de 1994 a junho de 1996, foram selecionadas para o estudo 154 crianças com diarréia aguda (GDA e 42 crianças sem diarréia (GSDA. Foram detectados agentes enteropatogênicos em 112 casos (72,8% do GDA, e em 9 (21,5% do GSDA. A associação de dois ou mais enteropatógenos ocorreu em 47 (30,5% casos do GDA, e em 3 (7,1% do GSDA. Os patógenos encontrados por caso, do GDA, foram: rotavírus 32 (20,8%, bactérias 53 (34,4%, ambos 25 (16,2%, e 2 (1,4% com Giardia lamblia (em um caso associada a rotavírus e noutro à bactéria. No GSDA, foram detectadas bactérias em 8 casos (19,1%, e bactéria associada à Giardia lamblia em 1 (2,4% caso. Das 105 bactérias isoladas no GDA, 90 eram Escherichia coli (EPEC 27, DAEC 24, ETEC 21, EAEC 18, 12 eram Shigella sp, 2 eram Salmonella sp, e uma era Yersinia sp. As crianças com infecção mista - viral e bacteriana - apresentaram maior ocorrência de vômitos repetidos, desidratação e interna

  18. O volume plaquetário médio abaixo do normal está associado com extensão reduzida de doença arterial coronariana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tolga Sinan Güvenç

    2013-03-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A extensão da doença arterial coronariana aterosclerótica em pacientes com angina estável tem importantes implicações prognósticas e terapêuticas. Em modelos atuais de evolução de placas, os trombócitos desempenham um papel importante no crescimento de placas. O volume plaquetário médio é um marcador facilmente determinado, com evidência de correlação com a agregabilidade plaquetária in vitro, além de valores comprovadamente maiores após eventos vasculares agudos. OBJETIVO: No presente estudo, investigou-se a relação entre o volume plaquetário médio e a extensão angiográfica da doença arterial coronariana em pacientes com angina estável. MÉTODOS: Foram analisados prontuários, hemograma completo e dados angiográficos anteriores de 267 pacientes elegíveis com angina estável. A extensão angiográfica da doença arterial coronariana foi avaliada à luz de dados angiográficos, com o uso por um especialista do escore de Gensini em uma cardiologia invasiva. Os valores para o volume plaquetário médio foram obtidos a partir de hemogramas completos, obtidos um dia antes da angiografia. Com relação ao intervalo populacional para o volume plaquetário médio, os pacientes foram agrupados dentro (n = 176 e abaixo (n = 62 do referido intervalo. Foi realizada uma comparação entre grupos e uma análise correlacional. RESULTADOS: Não houve correlação linear entre o escore de Gensini total e o volume plaquetário médio (p = 0,29, ao passo que a contagem total de trombócitos apresentou correlação inversa com o volume plaquetário médio (p < 0,001, r = 0,41. Os pacientes com volume plaquetário médio abaixo do normal apresentaram um escore de Gensini (36,73 ± 32,5 vs. 45,63 ± 32,63; p = 0,023 e doença coronariana triarterial (18% VS. 36%; p = 0,007 significativamente inferiores se comparados com aqueles apresentando valores de volume plaquetário médio dentro dos intervalos populacionais. CONCLUS

  19. Incidencia de la enfermedad diarreica aguda en menores de cinco años

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mayelín Ávila Labrada

    2015-05-01

    Full Text Available La enfermedad diarreica aguda es motivo frecuente de consulta pediátrica, representando un problema grave de salud pública. Los agentes infecciosos son causa frecuente de diarrea aguda. Se realizó un estudio descriptivo, retrospectivo sobre la prevalencia de la enfermedad diarreica aguda en menores de cinco años, atendidos en la clínica “Simón Bolívar” en la ciudad de Mariara del municipio Diego Ibarra, Carabobo, Venezuela; en el periodo comprendido entre enero de 2008 y diciembre de 2012, lo cual ofreció información de cinco años completos. La prevalencia de la enfermedad diarreica aguda disminuyó significativamente en el intervalo 2009-2011, sin embargo, se caracterizó por tener la mayor prevalencia en los años extremos, 2012 y 2008, por ese orden. Los varones y los del grupo de uno a cuatro años fueron los que más incidieron en cada uno de los años estudiados

  20. Efectividad de la magnetoterapia como tratamiento en pacientes con lumbalgia aguda

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raidel González Rodríguez

    2015-05-01

    Full Text Available Son numerosos los pacientes aquejados de algias vertebrales, tanto lumbares como dorsales y cervicales. Se realizó esta investigación con el objetivo de determinar la efectividad de la magnetoterapia como tratamiento en la lumbalgia aguda, en pacientes atendidos en el policlínico universitario “Raúl Sánchez” de la provincia de Pinar del Río, Cuba. Se realizó un estudio descriptivo, prospectivo, de corte transversal en pacientes con lumbalgia aguda, pertenecientes a dicha área de salud. La muestra quedó conformada por 68 pacientes de ambos sexos con lumbalgia aguda, diagnosticados clínicamente y mayores de 17 años de edad. En la investigación predominó el sexo femenino (67,6 % y el rango de edad estuvo entre 40 y 49 años. El esfuerzo físico fue el principal factor desencadenante (47,1 %. Con el tratamiento de la magnetoterapia aplicado a los pacientes se redujeron los estadios del dolor. La mayoría de los pacientes presentaron una respuesta clínica excelente y mejoraron los síntomas entre los siete y diez días (61,8 %. No se reportaron efectos adversos. La magnetoterapia resultó efectiva en el tratamiento de pacientes aquejados de lumbalgia aguda

  1. Fisiopatología de la diarrea aguda

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raúl L. Riverón Corteguera

    1999-06-01

    Full Text Available Es un artículo de revisión de los aspectos importantes de la fisiopatología de la diarrea. Se hace una descripción de la fisiopatología intestinal que incluye la anatomía del intestino y de su superficie de absorción y la estructura funcional de la mucosa intestinal. La fisiopatología normal de los líquidos intestinales. Mecanismo de absorción del agua y los electrólitos. Absorción de sodio por difusión electrogénica, unido al ion cloro, intercambio con el ion hidrógeno y unido a sustancias orgánicas como glucosa, aminoácidos y algunos oligopéptidos; secreción intestinal de agua y electrólitos. Control intracelular de la secreción. Mediadores y moduladores extracelulares del transporte intestinal. Factores que aumentan la absorción y reducen la secreción. Factores que estimulan la secreción y reducen la absorción Mecanismo fisiopatológico de la diarrea. Clasificación de la diarrea infecciosa aguda: acuosa secretoria y osmótica; diarrea con sangre invasiva y no invasiva.This a review of some important aspects of the physiopathology of diarrhea. A description is made of the intestinal physiopathology, including the anatomy of the intestine and of its surface of absorption, as well as the functional structure of the intestinal mucosa: the normal physiopathology of the intestinal fluids; the mechanism of absorption of water and electrolites; the absorption of sodium by electrogenic difussion, joined to the chloride ion; the interchange with the hydrogen ion and attached to organic substances, such as glucose, aminoacids and some oligopeptides; the intestinal secretion of water and electrolites; the intracellular control of secretion, the extracellular mediators and modulators of intestinal transport; the factors that increase absorption and reduce secretion; the factors that stimulate secretion and absorption; and the physiopathological mechanism of diarrhea. The classification of acute infectious diarrhea in aqueous

  2. Síndrome metabólica na doença arterial coronariana e vascular oclusiva: uma revisão sistemática Metabolic syndrome in coronary artery and occlusive vascular diseases: a systematic review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela Reis Elbert Farias

    2010-06-01

    Full Text Available Atualmente, a síndrome metabólica (SM se mostra altamente prevalente, sendo associada a fatores de risco para doenças crônicas não transmissíveis, tais como diabetes mellitus tipo 2, doenças ateroscleróticas e coronarianas. O objetivo desta revisão sistemática foi descrever os resultados de estudos que investigaram a associação da SM com a doença arterial coronariana e doenças vasculares oclusivas. Foi realizada a revisão sistemática com dados de estudos originais publicados entre 1999 e 2008, escritos em inglês ou português, utilizando-se as bases de dados Medline, Pubmed, Highwire Press e Science Direct. Foram incluídos artigos que fizeram o diagnóstico da SM através do critério do National Cholesterol Education Program - Adult Treatment Panel III (NCEP ATP III, 2001. Foram excluídos estudos realizados com animais, de suplementação e que realizaram administração oral ou endovenosa de qualquer substância, assim como aqueles de baixa qualidade metodológica e com amostra inicialmente heterogênea. Apesar da heterogeneidade entre os estudos, observou-se que indivíduos com SM apresentam maior probabilidade (risco = 2,13 de desenvolverem as doenças vasculares oclusivas, doença coronariana, diabetes mellitus e acidente vascular encefálico. Mudanças no estilo de vida, como práticas alimentares saudáveis, atividade física regular e a cessação do tabagismo devem ser incentivadas pelos profissionais da saúde a fim de minimizar as complicações e a morbimortalidade associada à SM.

  3. Search Engine Marketing (SEM: Financial & Competitive Advantages of an Effective Hotel SEM Strategy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leora Halpern Lanz

    2015-05-01

    Full Text Available Search Engine Marketing and Optimization (SEO, SEM are keystones of a hotels marketing strategy, in fact research shows that 90% of travelers start their vacation planning with a Google search. Learn five strategies that can enhance a hotels SEO and SEM strategies to boost bookings.

  4. Síndrome aguda do tórax como primeira manifestação de anemia falciforme em adulto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    BOK YOO HUGO HYUNG

    2002-01-01

    Full Text Available A síndrome aguda do tórax (SAT acomete portadores de anemia falciforme e é responsável por cerca de 25% dos óbitos. Relata-se o caso de um homem pardo de 45 anos, alcoolista crônico, sem nenhum antecedente de falcização, com quadro de pneumonia-símile havia sete dias. A radiografia simples do tórax mostrou infiltrado heterogêneo bilateral, com áreas de consolidação e broncograma aéreo e derrame pleural à esquerda. Outros exames laboratoriais revelaram anemia, leucocitose com desvio à esquerda e hipoxemia. Tratado com cefoxitina e amicacina, o paciente evoluiu rapidamente para insuficiência respiratória aguda e morreu 14 horas após a internação. Na necropsia, no exame dos pulmões observaram-se intensa congestão, hemorragia intra-alveolar, dano alveolar difuso e hemácias com morfologia falciforme. O caráter rápido, progressivo e freqüentemente mimetizado por outras doenças torna a SAT um evento dramático e de diagnóstico precoce difícil, sendo, entretanto, obrigatória tê-la sempre em mente, especialmente em um país com grande população da raça negra como o Brasil.

  5. Use of tacrolimus in rescue therapy of acute and chronic rejection in liver transplantation Uso de tacrolimus na terapia de resgate de rejeições agudas e crônicas no transplante de fígado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabricio Ferreira Coelho

    2003-01-01

    de rejeições agudas + sepse bacteriana - 0/1 caso; (2 terapia de resgate de rejeições agudas recorrente - 1/1 caso; (3 terapia de resgate de rejeições agudas resistente a OKT3 - 2/2 casos; (4 terapia de resgate de rejeições agudas resistente a corticóide + doença viral ativa - 3/3 casos; (5 terapia de resgate de rejeições crônicas - 8/11 casos (72,7% de resposta. Os quatro casos sem resposta (22,2% evoluíram para óbito. CONCLUSÃO: O tacrolimus é eficaz na terapia de resgate da maioria dos casos de rejeição celular aguda e crônica no transplante de fígado.

  6. METROLOGICAL PERFORMANCE OF SEM 3D TECHNIQUES

    DEFF Research Database (Denmark)

    Marinello, Francesco; Carmignato, Simone; Savio, Enrico;

    2008-01-01

    This paper addresses the metrological performance of three-dimensional measurements performed with Scanning Electron Microscopes (SEMs) using reconstruction of surface topography through stereo-photogrammetry. Reconstruction is based on the model function introduced by Piazzesi adapted for eucent...... condition are studied, in order to define a strategy to optimise the measurements taking account of the critical factors in SEM 3D reconstruction. Investigations were performed on a novel sample, specifically developed and implemented for the tests.......This paper addresses the metrological performance of three-dimensional measurements performed with Scanning Electron Microscopes (SEMs) using reconstruction of surface topography through stereo-photogrammetry. Reconstruction is based on the model function introduced by Piazzesi adapted...... and the instrument set-up; the second concerns the quality of scanned images and represents the major criticality in the application of SEMs for 3D characterizations. In particular the critical role played by the tilting angle and its relative uncertainty, the magnification and the deviations from the eucentricity...

  7. Building a SEM Analytics Reporting Portfolio

    Science.gov (United States)

    Goff, Jay W.; Williams, Brian G.; Kilgore, Wendy

    2016-01-01

    Effective strategic enrollment management (SEM) efforts require vast amounts of internal and external data to ensure that meaningful reporting and analysis systems can assist managers in decision making. A wide range of information is integral for leading effective and efficient student recruitment and retention programs. This article is designed…

  8. Building a SEM Analytics Reporting Portfolio

    Science.gov (United States)

    Goff, Jay W.; Williams, Brian G.; Kilgore, Wendy

    2016-01-01

    Effective strategic enrollment management (SEM) efforts require vast amounts of internal and external data to ensure that meaningful reporting and analysis systems can assist managers in decision making. A wide range of information is integral for leading effective and efficient student recruitment and retention programs. This article is designed…

  9. Comparing SVARs and SEMs : more shocking stories

    NARCIS (Netherlands)

    Jacobs, Jan; Wallis, Kenneth F.

    2002-01-01

    The structural vector autoregression (SVAR) and simultaneous equation macroeconometric model (SEM) styles of empirical macroeconomic modelling are compared and contrasted, with reference to two models of the UK economy, namely the Cambridge long-run structural VAR model and the COMPACT model.

  10. Bases de Datos Semánticas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Irving Caro Fierros

    2016-12-01

    Full Text Available En 1992, cuando Tim Berners-Lee dio a conocer la primera  versión  de  la  Web,  su  visión  a  futuro  era  incorporar metadatos  con  información  semántica  en  las  páginas  Web.  Es precisamente   a   principios   de   este   siglo   que   inicia   el   auge repentino  de  la  Web  semántica  en  el  ambiente  académico  e Internet. El modelo de datos semántico se define como un modelo conceptual que permite definir el significado de los datos a través de  sus  relaciones  con  otros.  En  este  sentido,  el  formato  de representación  de  los  datos  es  fundamental  para  proporcionar información de carácter semántico. La tecnología enfocada en las bases de datos semánticas se encuentra actualmente en un punto de  inflexión,  al  pasar  del  ámbito  académico  y  de  investigación  a ser una opción comercial completa. En este artículo se realiza un análisis  del  concepto  de  base  de  datos  semántica.  También  se presenta  un  caso  de  estudio  donde  se  ejemplifican  operaciones básicas  que  involucran  la  gestión  de  la  información  almacenada en este tipo de base de datos.

  11. Seafloor earthquake measurement system, SEMS IV

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Platzbecker, M.R.; Ehasz, J.P.; Franco, R.J.

    1997-07-01

    Staff of the Telemetry Technology Development Department (2664) have, in support of the U.S. Interior Department Mineral Management Services (MMS), developed and deployed the Seafloor Earthquake Measurement System IV (SEMS IV). The result of this development project is a series of three fully operational seafloor seismic monitor systems located at offshore platforms: Eureka, Grace, and Irene. The instrument probes are embedded from three to seven feet into the seafloor and hardwired to seismic data recorders installed top side at the offshore platforms. The probes and underwater cables were designed to survive the seafloor environment with an operation life of five years. The units have been operational for two years and have produced recordings of several minor earthquakes in that time. Sandia Labs will transfer operation of SEMS IV to MMS contractors in the coming months. 29 figs., 25 tabs.

  12. SEM investigation of heart tissue samples

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Saunders, R; Amoroso, M [Physics Department, University of the West Indies, St. Augustine, Trinidad and Tobago, West Indies (Trinidad and Tobago)

    2010-07-01

    We used the scanning electron microscope to examine the cardiac tissue of a cow (Bos taurus), a pig (Sus scrofa), and a human (Homo sapiens). 1mm{sup 3} blocks of left ventricular tissue were prepared for SEM scanning by fixing in 96% ethanol followed by critical point drying (cryofixation), then sputter-coating with gold. The typical ridged structure of the myofibrils was observed for all the species. In addition crystal like structures were found in one of the samples of the heart tissue of the pig. These structures were investigated further using an EDVAC x-ray analysis attachment to the SEM. Elemental x-ray analysis showed highest peaks occurred for gold, followed by carbon, oxygen, magnesium and potassium. As the samples were coated with gold for conductivity, this highest peak is expected. Much lower peaks at carbon, oxygen, magnesium and potassium suggest that a cystallized salt such as a carbonate was present in the tissue before sacrifice.

  13. Viewing Integrated-Circuit Interconnections By SEM

    Science.gov (United States)

    Lawton, Russel A.; Gauldin, Robert E.; Ruiz, Ronald P.

    1990-01-01

    Back-scattering of energetic electrons reveals hidden metal layers. Experiment shows that with suitable operating adjustments, scanning electron microscopy (SEM) used to look for defects in aluminum interconnections in integrated circuits. Enables monitoring, in situ, of changes in defects caused by changes in temperature. Gives truer picture of defects, as etching can change stress field of metal-and-passivation pattern, causing changes in defects.

  14. RENDIMIENTO Y RECUPERACIÓN AGUDA EN CORREDORES DE RESISTENCIA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    D. A. Boullosa

    2010-09-01

    Full Text Available

     

    RESUMEN

    Dieciséis corredores de fondo bien entrenados fueron evaluados en dos días diferentes mediante la prueba de carrera en pista de la Universidad de Montreal (UMTT y el tiempo límite a la velocidad aeróbica máxima (Tlim. Se examinó la respuesta de la frecuencia cardiaca y la lactatemia en la recuperación aguda (andando. La frecuencia cardiaca máxima fue diferente entre los dos días de valoración (p = 0,001, resultando superior en el UMTT respecto del Tlim. La recuperación de la frecuencia cardiaca en el primer minuto (RFC1 correlacionó con la velocidad aeróbica máxima (r = 0,611 y r = 0,615, p = 0,012; en el UMTT y el Tlim, respectivamente, correlacionando además los dos valores de RFC1 entre sí  (r = 0,824; p = 0,000. La diferencia en la lactatemia entre la finalización y el minuto diez de la recuperación fue estadísticamente significativa sólo después del UMTT (p = 0,013. Se concluye que: 1 fue hallada una relación moderada entre la recuperación cardiaca y la velocidad aeróbica máxima en corredores de resistencia; 2 la frecuencia cardiaca máxima obtenida en una prueba incremental en el campo es superior a la alcanzada en una prueba de tipo rectangular; 3 el descenso significativo de la lactatemia a los 10 min sólo se observó después del UMTT, lo que sugiere una influencia del protocolo de carrera en este parámetro.
    Palabras Clave: frecuencia cardiaca, lactato, recuperación, velocidad aeróbica máxima

     

    ABSTRACT

    Sixteen well-trained endurance runners were evaluated in two different days with the Université de Montréal Track Test (UMTT, and the time limit at maximum aerobic

  15. Titulação de aloanticorpos anti-a e anti-b em gatos domésticos sem raça definida em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana de Almeida Lacerda

    2011-02-01

    Full Text Available A probabilidade de ocorrência de reação transfusional em um felino depende da prevalência local dos tipos sanguíneos felinos e dos títulos de aloanticorpos. A determinação dos títulos de aloanticorpos auxilia na estimativa do risco e da severidade de reação transfusional, após transfusão não compatível, em uma população de gatos. O objetivo deste trabalho foi determinar a titulação de aloanticorpos e o risco de possível reação transfusional, em felinos domésticos sem raça definida, da cidade de Porto Alegre. Foram selecionados aleatoriamente 100 gatos clinicamente saudáveis, sem raça definida e sem parentesco entre si e sem histórico de transfusão prévia. Amostras de sangue foram coletadas da veia jugular e a titulação de aloanticorpos foi determinada no soro de gatos com tipo sanguíneo previamente definido. O risco estimado foi calculado de acordo com estudos prévios. No presente trabalho, 82,5 e 100% dos gatos do tipo A e B, respectivamente, apresentaram titulação variada de aloanticorpos. Com base nos títulos encontrados, verificou-se que uma transfusão de sangue, do tipo A ou AB, em gatos do tipo B apresenta risco de 33,3% de reação aguda severa e de 66,7% de reação aguda leve, nos receptores felinos. A transfusão de sangue do tipo AB ou B em gatos do tipo A apresenta risco de reação aguda severa em 1,0%; reação aguda leve em 37,1% e destruição prematura dos eritrócitos em 44,3% dos receptores felinos.

  16. Detección molecular de las translocaciones más comunes en Leucemia aguda mediante RT-PCR

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guevara G.

    2001-06-01

    Full Text Available Evaluar la incidencia de las translocaciones t(4;11, t(1;19, t(9;22 y t(12;21 en leucemia linfoide aguda (LLA y t(15;17, t(8;21 e Inv.(16 en leucemia mieloide aguda (LMA. Correlacionar los resultados obtenidos con el diagnóstico morfológico y citogenético.

  17. Rabdomiólisis aguda masiva secundaria a neumonía con bacteriemia por Moraxella catarrhalis

    OpenAIRE

    Fajardo, Miguel; Vergara, Esther; Hernández-Blázquez, Antonia; Hernández-Rastrollo, Ramón

    2014-01-01

    Moraxella catarrhalis es una bacteria implicada en infecciones respiratorias, otitis, sinusitis, mastoiditis o conjuntivitis. Menos frecuente es su participación en bacteriemias y artritis, siendo éste el primer caso descrito de rabdomiolisis (RM) aguda difusa. La RM aguda difusa de etiología infecciosa generalmente está causada por virus, seguido de bacterias con un conocido poder patógeno, como Streptococcus pneumoniae, Mycoplasma pneumoniae o Legionella pneumophyla. Se diagnostica por la p...

  18. Rabdomiólisis aguda masiva secundaria a neumonía con bacteriemia por Moraxella catarrhalis

    OpenAIRE

    Fajardo, Miguel; Vergara, Esther; Hernández-Blázquez, Antonia; Hernández-Rastrollo, Ramón

    2014-01-01

    Moraxella catarrhalis es una bacteria implicada en infecciones respiratorias, otitis, sinusitis, mastoiditis o conjuntivitis. Menos frecuente es su participación en bacteriemias y artritis, siendo éste el primer caso descrito de rabdomiolisis (RM) aguda difusa. La RM aguda difusa de etiología infecciosa generalmente está causada por virus, seguido de bacterias con un conocido poder patógeno, como Streptococcus pneumoniae, Mycoplasma pneumoniae o Legionella pneumophyla. Se diagnostica por la p...

  19. Desfechos clínicos aos 30 dias do registro brasileiro das síndromes coronárias agudas (ACCEPT

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz A lberto Piva e Mattos

    2013-01-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: São escassos os registros documentando a prática clínica brasileira na vigência de uma síndrome coronária aguda. OBJETIVOS: Descrição da demografia, ocorrência de desfechos graves e análise comparativa dentre aqueles que efetivaram ou não uma estratégia invasiva (cinecoronariografia e revascularização miocárdica em um registro brasileiro multicêntrico de portadores de uma síndrome coronária aguda. MÉTODOS: O registro ACCEPT/SBC coletou prospectivamente, em 47 centros hospitalares brasileiros, pacientes na vigência de uma síndrome coronária aguda. Apresentamos a ocorrência de desfechos clínicos graves, de modo integral, e de acordo com a submissão ou não a um procedimento de revascularização do miocárdio ao final dos primeiros 30 dias de seguimento. RESULTADOS: De agosto de 2010 até dezembro de 2011, 2.485 pacientes foram incluídos neste registro. Destes, 31,6% eram portadores de angina instável e 34,9% e 33,4%, com síndrome sem e com supradesnível do segmento ST. Aos 30 dias, a submissão a procedimento de revascularização do miocárdio foi progressivamente maior de acordo com a gravidade da apresentação clínica (38,7% versus 53,6% versus 77,7%; p < 0,001. A ocorrência de mortalidade cardíaca, dentre aqueles submetidos ou não à revascularização miocárdica, foi de 1,0% versus 2,3% (p = 0,268, 1,9% versus 4,2% (p = 0,070 e 2,0% versus 8,1% (p < 0,001, angina instável, síndrome sem e com supradesnível do segmento ST, respectivamente. CONCLUSÕES: A prescrição de revascularização do miocárdio foi progressivamente mais frequente de acordo com a gravidade da apresentação clínica; naqueles atendidos na vigência de síndrome coronária sem e com supradesnível do segmento ST, promoveu tendência e redução significativa da mortalidade, aos 30 dias, respectivamente.

  20. Suspected acute toxoplasmosis in pregnant women Suspeita de toxoplasmose aguda em gestantes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcela Peres Castilho-Pelloso

    2007-02-01

    concepto relacionadas ao perfil clínico, laboratorial e terapêutico. MÉTODOS: Estudo retrospectivo com gestantes IgM anti-Toxoplasma gondii reagentes e conceptos atendidos em serviço público de saúde do Paraná, de janeiro/2001-dezembro/2003. Foram obtidas informações a partir de dados dos registros clínicos, laboratoriais (ELISA IgM/IgG, ultrassonográficos e de entrevista materna. Para testar a homogeneidade dos indices de IgM em relação ao tratamento usado, aplicou-se o qui-quadrado de Pearson. O nível de significância adotado foi de 5%. RESULTADOS: Ocorreram 290 casos (1,0% IgM reagentes, evidenciando prevalência de 10,7 gestantes com sorologia reagente a cada 1.000 nascimentos. Duzentos e quatorze de 290 gestantes iniciaram o pré-natal até a 12ª semana de gestação; 146/204 foram assintomáticas; cefaléia, distúrbios visuais e mialgia foram queixas freqüentes; 13/204 gestantes apresentaram anormalidades ao ultrassom; 112/227 gestantes receberam quimioprofilaxia; um único teste ELISA apoiou a maioria das tomadas de decisão para a quimioprofilaxia. Houve tendência em tratar gestantes com índices de IgM=2.000. Dentre as crianças expostas, 44/208 tiveram algum acompanhamento sorológico, das quais todas foram IgG reagentes e três casos IgM reagentes apresentaram manifestações clínicas. CONCLUSÕES: A existência de gestantes com suspeita laboratorial de toxoplasmose aguda não devidamente investigada e de conceptos sem monitoração adequada evidenciam que aspectos fundamentais da assistência pré-natal não estão sendo sistematicamente observados. Aponta-se a necessidade de implementar o sistema de vigilância para gestantes e crianças expostas ao T. gondii.

  1. Estado oxidante e antioxidante de crianças com bronquiolite aguda

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rusen Dundaroz

    2013-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: O estresse oxidativo demonstrou contribuir para a patogênese de doenças pulmonares inflamatórias agudas e crônicas. Nosso objetivo foi avaliar o estado oxidante/antioxidante de crianças com bronquiolite aguda por meio de mensuração da capacidade antioxidante total do plasma, estado oxidante total e índice de estresse oxidativo. MÉTODOS: As crianças com bronquiolite aguda encaminhadas para o Departamento de Emergência Pediátrica do hospital universitário entre janeiro e abril 2012 foram comparadas a controles saudáveis de mesma idade. Os pacientes com bronquiolite aguda tiveram essa doença classificada como leve e moderada. O estado oxidante e antioxidante foi avaliado pela mensuração da capacidade antioxidante total do plasma, estado oxidante total e índice de estresse oxidativo. RESULTADOS: Foram incluídas 31 crianças com bronquiolite aguda com idade de três meses a dois anos e 37 crianças saudáveis. O estado oxidante total (EOT foi maior em pacientes com bronquiolite aguda do que no grupo de controle (5,16±1,99 µmol H2O2 em comparação a 3,78±1,78 µmol H2O2 [p = 0,004]. A capacidade antioxidante total (CAT foi significativamente menor em crianças com bronquiolite que no grupo de controle (2,51±0,37 µmol Trolox equivalente/L em comparação a 2,75±0,39 µmol Trolox Eqv/L (p = 0,013. Os pacientes com bronquiolite moderada apresentaram níveis de EOT mais elevados que os com bronquiolite leve e os do grupo de controle (p = 0,03, p < 0,001. Os pacientes com bronquiolite moderada apresentaram níveis de IEO mais elevados que os do grupo de controle (p = 0,015. O nível de saturação de oxigênio de pacientes com bronquiolite foi inversamente correlacionado ao nível de EOT (r = -0,476, p < 0,05. CONCLUSÃO: O equilíbrio entre os sistemas oxidante e antioxidante é interrompido em crianças com bronquiolite moderada, indicando que o fator de estresse poderá ter um papel na patogênese da doença.

  2. Pancreatite aguda grave: resultados do tratamento cirúrgico em 68 pacientes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Olívio Louro Costa

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar os resultados do tratamento cirúrgico das formas necrosantes, ou graves, da pancreatite aguda e da forma crônica agudizada. MÉTODO: Foi preenchido um protocolo, de modo consecutivo e prospectivo, de 68 pacientes operados por pancreatite aguda grave e crônica agudizada, no período de 1982 a 2000. Os pacientes foram classificados em três categorias: 1. Pancreatite aguda biliar; 2. Pancreatite aguda de causa indeterminada; 3. Pancreatite crônica agudizada. RESULTADOS: As indicações para o tratamento cirúrgico foram: diagnóstico incerto (32,3%; necrose infectada (60,3% e para necrosectomia (7,4%. As operações realizadas foram: desbridamento de necrose infectada(70,6%; operações sobre as vias biliares (20,6% e desbridamento de grandes necroses (7,4%. Os óbitos hospitalares incidentes, por categoria foram: 1. Pancreatite aguda biliar (33,3%; 2. Pancreatite aguda indeterminada (45,0%; 3. Pancreatite crônica agudizada (37,0%. A média de óbitos foi de 38,2%. Vinte e cinco pacientes foram reoperados, uma ou várias vezes, e nestes a mortalidade foi de 40,0%. Os abscessos foram responsáveis por 52,0% dos óbitos e as outras complicações que resultaram em óbitos, sempre evoluiram para infecção. CONCLUSÕES: Ocorreu um alto índice de operações por diagnóstico incerto. Esta indicação deve se restringir aos casos onde não seja possível o diagnóstico diferencial com certas causas de abdome agudo. As indicações para tratar precocemente a litíase biliar devem ser evitadas ou reduzidas a situações específicas. As reoperações são freqüentemente indicadas nesses pacientes e a infecção foi a principal causa de morte.

  3. Esofagitis necrosante aguda: análisis retrospectivo Acute esophageal necrosis: a retrospective case series

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R. Ramos

    2008-09-01

    Full Text Available Introducción: la esofagitis necrosante aguda es una entidad rara. Se reconoce por el aspecto negro difuso del esófago a la endoscopia. Su incidencia e patogénesis se desconoce. Pacientes y métodos: se analizaron retrospectivamente 11 pacientes con esofagitis necrosante aguda desde el punto de vista de los datos clínicos, de laboratorio y endoscopicos en 2 años. Resultados: se analizaron las endoscopias realizadas a 3.976 pacientes, observándose esofagitis necrosante aguda en 11 pacientes. El estado nutricional era malo en 6 pacientes. La resolución completa de la esofagitis se observó en cuatro pacientes. Durante el seguimiento se observó una estenosis en un paciente y un nuevo episodio de esofagitis necrosante aguda en otro paciente. Siete pacientes fallecieron, pero esta elevada mortalidad parece deberse a las enfermedades de base y no es atribuible a las lesiones de la esofagitis necrosante. Conclusiones: la incidencia de esofagitis necrosante aguda en nuestra serie fue 0,28%. La esofagitis necrosante aguda tiene una elevada mortalidad.Background: acute esophageal necrosis has been considered a rare event. It is defined as the presence of diffuse dark pigmentation of the esophagus on upper endoscopy. Its incidence has not yet been established. The pathogenesis remains unknown. Patients and methods: a retrospective analysis of clinical, laboratory, endoscopic, and histological data, and of the clinical course of 11 patients with acute necrotizing esophagitis was carried out over a 2-year period. Results: among 3,976 patients who underwent upper endoscopy, 11 (0.28% with acute esophageal necrosis were identified. Nutritional status was poor for 6 patients. Complete resolution of acute esophageal necrosis without further recurrence was observed in 4. One stricture appeared during follow-up and other patient developed new-onset acute esophageal necrosis. Seven patients died, but no death was directly related to acute esophageal necrosis

  4. Hipertensão pulmonar secundária à fístulas coronarianas para tronco da pulmonar Pulmonary hypertension secondary to coronary-to-pulmonary artery fistula

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Ramos Filho

    2008-08-01

    Full Text Available A fístula coronariana é uma anomalia caracterizada por comunicação entre uma artéria coronária e uma câmara cardíaca, artéria pulmonar, seio coronariano e veias pulmonares. Representa 0,2% a 0,4 % das cardiopatias congênitas e 0,1% a 0,2% da população adulta submetida a angiografia coronariana. Relatamos o caso clínico de uma paciente com 64 anos, cuja anomalia foi diagnosticada durante investigação clínica por desconforto torácico, dispnéia e síncope, sendo indicada correção cirúrgica com abertura da artéria pulmonar através de circulação extracorpórea.The coronary fistula is an anomaly characterized by the communication between a coronary artery and a cardiac chamber, pulmonary artery, coronary sinus and pulmonary veins. It represents 0.2 to 0.4% of the congenital cardiopathies and 0.1% to 0.2% of the adult population submitted to coronary angiography. We report the clinical case of a 64-year-old female patient, whose anomaly was diagnosed during a clinical investigation due to chest discomfort, dyspnea and syncope; the surgical correction was indicated, with opening of the pulmonary artery through extracorporeal circulation.

  5. Valor diagnóstico da cintilografia miocárdica em pacientes com doença coronariana multiarterial

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Eduarda Menezes de Siqueira

    2011-09-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A cintilografia de perfusão miocárdica (CPM é um método não invasivo extremamente útil na avaliação de isquemia em portadores de doença coronária. Entretanto, persiste o conceito de que não seria um bom método para os portadores de doença coronária multiarterial. OBJETIVO: Avaliar o valor da CPM com gated-SPECT na identificação de isquemia induzida por estresse farmacológico em pacientes com diagnóstico de doença coronária obstrutiva multiarterial. MÉTODOS: Foram incluídos 68 pacientes com diagnóstico de doença coronária obstrutiva multiarterial pela cineangiocoronariografia (cine para realização de CPM sob estímulo farmacológico com dipiridamol. Os exames foram analisados por dois médicos nucleares sem prévio conhecimento do resultado da cine. RESULTADOS: Dos pacientes, 64 (92,8% apresentaram alteração nas imagens de perfusão e 4 (7,2% apresentaram perfusão normal, sendo que, destes, três apresentaram alterações funcionais na análise do gated-SPECT. CONCLUSÃO: A CPM mostrou-se de grande valor na identificação de pacientes portadores de doença coronária multiarterial, já que a maioria dos pacientes apresentou alterações perfusionais sugestivas de isquemia.

  6. Associação dos níveis de citocinas no pós-transplante de células-tronco hematopoiéticas com a Doença do Enxerto Contra o Hospedeiro aguda Association of cytokine levels with acute graft versus host disease following full match allogeneic stem cell transplantation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jeane E. L. Visentainer

    2005-09-01

    Full Text Available Este estudo foi realizado para investigar se os níveis séricos de sIL-2R, TNF-alfa, IFN-gama, IL-6, IL-10 e TGF-beta1 estavam associados com o desenvolvimento de DECH (Doença do Enxerto Contra o Hospedeiro aguda. Os níveis de citocinas foram seqüencialmente mensurados por Elisa em 13 pacientes que haviam sido submetidos ao transplante alogênico de células progenitoras hematopoiéticas. Os níveis de sIL-2R e IL-10 da 1ª a 15ª semanas pós-transplante foram significativamente maiores no grupo que desenvolveu DECH aguda que naquele sem a doença. Os níveis de sIL-2R aumentaram em direta correlação com a pega do enxerto e ao tempo do DECH aguda, enquanto os níveis de IL-10 aumentaram transitoriamente pós-transplante. A média da concentração de TNF-alfa nas primeiras semanas após o transplante foi maior no grupo que desenvolveu DECH aguda. Além disso, uma queda dos níveis de TGF-beta1 após a pega esteve significativamente associada à DECH aguda. Nenhuma correlação foi encontrada entre DECH aguda e as outras citocinas investigadas. Estes resultados suportam a idéia de que um balanço entre as citocinas derivadas de linfócitos T auxiliadores do tipo 1 e 2 pode ser importante no desenvolvimento e controle da DECH aguda. Embora os níveis de sIL-2R, TNF-alfa, IL-10 e TGF-beta1 tenham sido correlacionados com a DECH aguda, os níveis de sIL-2R ao tempo da pega podem prover um melhor parâmetro para a detecção precoce de DECH aguda após o transplante alogênico.This study was performed to investigate whether the serum levels of sIL-2R, TNF-alpha, IFN-gamma, IL-6, IL-10, and TGF-beta1 are associated with the development of acute GVHD. Serum cytokine levels were sequentially measured by sandwich Enzyme Linked-Immuno-Sorbent Assay (Elisa in 13 patients who had received full match allogeneic stem cell transplantation. Serum sIL-2R and IL-10 levels from the 1st to the 15th week post transplantation were significantly higher in the

  7. Hipometilação do LINE-1 está Associada ao Risco de Doença Cardíaca Coronariana na População Chinesa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Li Wei

    2014-06-01

    Full Text Available Fundamentos: O nível de metilação global do ADN de leucócitos no sangue tem sido associado ao risco de doença arterial coronariana (DAC, com resultados inconsistentes em diferentes populações. Faltam dados semelhantes da população chinesa, onde diferentes fatores genéticos, de estilo de vida e ambientais podem afetar a metilação do ADN e sua relação com o risco de DCC. Objetivos: Analisar se a metilação global está associada ao risco de doença coronariana na população chinesa. Métodos: Foram incluídos um total de 334 casos de DCC e 788 controles saudáveis. A metilação global do ADN de leucócitos de sangue foi estimada por meio da análise das repetições do LINE-1 usando pirosequenciamento de bissulfito. Resultados: Em uma análise inicial restrita aos controles o nível do LINE-1 diminui significativamente com a idade avançada, colesterol total elevado, e diagnóstico de diabetes. Na análise de caso-controle, a redução da metilação do LINE-1 foi associada ao aumento do risco de DCC, tendo a análise por quartil revelado uma odds ratio (IC 95% de 0,9 (0,6-1,4, 1,9 (1,3-2,9 e 2,3 (1,6 3.5 para o terceiro, segundo e primeiro (o mais baixo quartil (P da tendência < 0,001, respectivamente, em comparação com o quarto (o mais alto quartil. A metilação inferior (< mediana do LINE-1 esteve associada a 2,2 vezes (IC 95% = 1,7-3,0 o aumento de risco de doença coronariana. As estimativas de risco de DCC menores relacionadas com o LINE-1 tenderam a ser mais fortes entre os indivíduos com maior tercil de homocisteína (P interação = 0,042 e naqueles com diagnóstico de hipertensão arterial (P interação = 0,012. Conclusão: A hipometilação do LINE-1 está associada ao risco de doença coronariana na população chinesa. Fatores de risco de DCC potenciais tais como a idade avançada, colesterol total elevado, e diagnóstico de diabetes podem ter impacto na metilação global do ADN, exercendo, portanto, o seu

  8. Pancreatite aguda sem etiologia aparente: a microlitíase deve ser pesquisada? Unexplained acute pancreatitis: the microlithiasis must be searched?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Celso Ardengh

    2009-10-01

    Full Text Available In a large number of patients, with episodes of acute pancreatitis the etiology is not identified, even after initial clinical history, detailed physical examination, laboratory tests and biochemical exams and an transabdominal ultrasound. This patient are considered with a unexplained acute pancreatitis. In this cases the treatment is restricted to improvement of symptoms. These patients after treated tend to have new episodes with the risk of raising the rates of morbidity and mortality. Therefore, the identification of a cause and its prompt treatment prevent at recurrent episodes of pancreatitis. This review aims to draw attention to how best diagnostic approach when the light of evidence-based medicine, to search for causes of difficult identification with microlithiasis, occult stones, the anatomical variations of biliary and pancreatic duct and in addition to sphincter of Oddi dysfunction.

  9. Angiotomografia coronariana multislice na avaliação da origem anômala das artérias coronarianas Angiotomografía coronaria multislice en la evaluación del origen anómalo de las arterias coronarias Multislice coronary angiotomography in the assessment of coronary artery anomalous origin

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Rocha Rabelo

    2012-03-01

    Full Text Available Fundamento: A origem anômala das artérias coronarianas é uma entidade relativamente rara, podendo se apresentar de várias formas clínicas e evoluir de forma adversa. A angiotomografia multislice das artérias coronarianas vem ganhando espaço na prática clínica diária, representando importante método propedêutico, com grande potencial na avaliação anatômica dessas artérias. Objetivo: O objetivo deste estudo é descrever os achados angiotomográficos e a evolução de pacientes com origem anômala das artérias coronarianas. Métodos: Durante o período de janeiro de 2008 a março de 2011, foram avaliados consecutivamente 404 pacientes encaminhados para realização de angiotomografia das coronárias por diversos motivos, com tempo médio de seguimento de 21 meses. Resultados: Nove pacientes (2,2% apresentaram origem anômala das artérias coronárias, sendo quatro com origem anômala da artéria circunflexa (Cx em Coronária Direita (CD, dois com origem anômala da CD (um com origem de CD em Cx, e um com origem de CD em seio coronariano esquerdo, um paciente com tronco coronariano único (descendente anterior e Cx saindo do seio coronariano esquerdo, um com trajeto anômalo do tronco da coronária esquerda entre aorta e artéria pulmonar e um paciente apresentando tronco coronariano esquerdo originando-se do seio coronariano direito. Dos pacientes avaliados, um paciente recebeu um cardiodesfibrilador implantável; um paciente evoluiu com morte súbita durante internação hospitalar; e os outros não tiveram intercorrências. Conclusão: A angiotomografia multislice das coronárias representa método propedêutico minimamente invasivo que possibilita detectar a origem, o curso e terminação das anomalias de origem das artérias coronarianas com excelente acurácia, possibilitando o correto diagnóstico e auxiliando no planejamento terapêutico.RESUMEN FUNDAMENTO: El origen anómalo de las arterias coronarias es una entidad

  10. Acute bacterial meningitis in HIV, pacients in southern Brazil: Curitiba, Paraná, Brazil Meningite bacteriana aguda em portadores de HIV, no sul do Brasil: Curitiba, Paraná, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sérgio M. de Almeida

    2007-06-01

    Full Text Available Acute communitarian bacterial meningitis and AIDS are prevalent infectious disease in Brazil. The objective of this study was to evaluate the frequency of acute communitarian bacterial meningitis in AIDS patients, the clinical and cerebrospinal fluid (CSF characteristics. It was reviewed the Health Department data from city of Curitiba, Southern Brazil, from 1996 to 2002. During this period, 32 patients with AIDS fulfilled criteria for acute bacterial meningitis, representing 0.84% of the AIDS cases and 1.85% of the cases of bacterial meningitis. S. pneumoniae was the most frequent bacteria isolated. The number of white blood cells and the percentage of neutrophils were higher and CSF glucose was lower in the group with no HIV co-infection (p 0.12; 0.008; 0.04 respectively. Bacteria not so common causing meningitis can occur among HIV infected patients. The high mortality rate among pneumococcus meningitis patients makes pneumococcus vaccination important.A meningite bacteriana aguda comunitária e a AIDS são doenças prevalentes no Brasil. O objetivo desse estudo foi avaliar a freqüência de meningite bacteriana aguda comunitária entre os pacientes com AIDS e as características clínicas e do líquido cefalorraquidiano (LCR. Foram revistos os dados da Secretaria Municipal da Saúde, Curitiba, Paraná, Brasil, nos anos de 1996 a 2002. Nesse período, 32 pacientes com AIDS preencheram os critérios para meningite bacteriana aguda, representando 0,84% dos casos com AIDS e 1,85% dos casos com meningite bacteriana aguda. A bactéria mais freqüentemente isolada foi S. pneumoniae. A celularidade total e a porcentagem de neutrófilos no LCR foi mais elevada e a glicose foi mais baixa no grupo sem co-infecção (p 0,12; 0,008; 0,04 respectivamente. Bactérias menos freqüentes como agentes etiológicos de meningite podem ocorrer. A taxa de mortalidade elevada entre pacientes com meningite por pneumococo torna a vacinação importante.

  11. Inflamação sistêmica causada pela periodontite crônica em pacientes vítimas de ataque cardíaco isquêmico agudo

    OpenAIRE

    2010-01-01

    OBJETIVO: Processos inflamatórios e infecciosos mediados por bactérias em sítios distantes têm sido descritos como fator de risco à doença coronariana isquêmica aguda (DCIA). MÉTODOS: Cento e oitenta e um pacientes com DCIA, com e sem periodontites crônicas, foram incluídos neste estudo. Os pacientes foram admitidos no HC da UNICAMP e estratificados em três grupos: grupo 1 - pacientes com periodontite crônica grave (31 homens e 19 mulheres; média de idade 55,1 ± 11,29 anos); grupo 2 - pacient...

  12. Semântica expressivista = Expressivist semantics

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mendonça, Wilson John Pessoa

    2016-01-01

    Full Text Available O programa semântico do expressivismo surgiu como uma tentativa de fundamentar a visão não-cognitivista do discurso ético, mas logo foi generalizado de forma a cobrir a linguagem normativa em geral. Ele promete desenvolver uma alternativa global à abordagem clássica da semântica das condições de verdade: uma teoria não-factualista, baseada na pragmática, do significado linguístico. Os expressivistas veem o conteúdo das sentenças normativas como determinado por seu uso primário, que é não-descritivo. As versões tradicionais da semântica expressivista procedem associando sistematicamente às sentenças normativas as atitudes mentais que elas convencionalmente expressam. Elas assumem que, se as sentenças simples expressam atitudes, a aplicação a essas sentenças dos conectivos da lógica proposicional ou da ligação de variáveis resulta em sentenças complexas que também expressam atitudes. O núcleo do presente trabalho avalia algumas tentativas influentes de desenvolvimento do programa expressivista, focando em um problema discutido com veemência na literatura: o “problema da negação para o expressivismo”. Algumas abordagens propostas nos últimos anos, baseadas na rejeição da assunção central do expressivismo tradicional, são consideradas em detalhes. Embora uma avaliação definitiva dessas abordagens inovadoras como explicações satisfatórias do funcionamento da linguagem normativa não possa ainda ser alcançada, o trabalho afirma que há razões para otimismo

  13. Hepatitis virales agudas en un hospital de adultos, de 1992 a 2001

    OpenAIRE

    José Acuña; Elizabeth Umaña; Mauricio Saldarriaga; Jorge Mora; Fernando Brenes; Alfredo Martén

    2003-01-01

    Justificación y objetivos: Debido al cambio de la distribución etiológica de las hepatitis virales agudas, percibido en la práctica clínica diaria en el ámbito nacional y confirmado en otros países, se hizo evidente la necesidad de realizar un análisis casuístico de las infecciones virales hepáticas agudas en nuestro país. Se puso enfasis en el virus productor de hepatitis Acuya presentación clínica es más severa en adultos en comparación con los niños. Métodos: Se registraron todos los casos...

  14. Insuficiência renal aguda em pacientes com Síndrome Hellp

    OpenAIRE

    Sílvia Maria Dorigoni

    2001-01-01

    A síndrome HELLP ocorre em gestantes ou puérperas e é caracterizada pelo surgimento de hemólise, elevação de enzimas hepáticas e plaquetopenia. Desenvolve-se em aproximadamente 10% das gestantes com pré-eclampsia, sendo mais freqüente entre a 22a e 36a semanas de gestação. Insuficiência renal aguda é uma complicação freqüente e grave nessas pacientes. O objetivo deste estudo foi avaliar, em pacientes com síndrome HELLP, a prevalência de insuficiência renal aguda e estudar fatores a ela associ...

  15. Cerebelite aguda causada por vírus Epstein-Barr: relato de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Teive Hélio A.G.

    2001-01-01

    Full Text Available A cerebelite aguda pode ocorrer em associação a infecção pelo vírus da varicela-zoster, enterovirus, caxumba, micoplasma e outros agentes infecciosos. A cerebelite aguda é uma complicação rara da infecção pelo vírus Epstein-Barr (EBV. Relatamos o caso de uma mulher de 21 anos com história de 12 dias de evolução com náuseas, vômitos, ataxia de marcha e membros, tremor cefálico e de membros, opsoclono, mioclonias e rash cutâneo. Sorologia para EBV foi positiva. A infecção pelo EBV, com complicações neurológicas, pode não se apresentar com os sinais e sintomas clássicos da mononucleose infeciosa.

  16. Principios sobre semáforos

    OpenAIRE

    Valencia Alaix, Víctor Gabriel

    2000-01-01

    Debido a la ausencia de una publicación que reuniese los aspectos más relevantes sobre semáforos y en el marco académico sobre ingeniería de tránsito de los cursos de pregrado y posgrado en Vías y Transporte de la Universidad Nacional de Colombia - Sede Medellín, se ha preparado este documento como guía introductoria a dicho tema. En su preparación se han recogido los tópicos principales de varias publicaciones internacionales y nacionales, además, su desarrollo ha considerado la experi...

  17. O ciberativismo sem bússola

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco Rüdiger

    2014-07-01

    Full Text Available Questiona-se no texto se uma abordagem que, no essencial, relata a trajetória do chamado ciberativismo de acordo com seus próprios termos se justifica academicamente ou, em vez disso, se mantém prisioneira de uma mitologia que o fenômeno, em si mesmo, já construiu e, por isso, autoriza seus sujeitos a dispensarem sem prejuízo eventual contribuição de origem universitária.

  18. Impacto dos stents e do sirolimus por via oral na vasomotilidade coronariana dependente e independente do endotelio

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rósley Weber Alvarenga Fernandes

    2012-04-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Não há consenso sobre o impacto do implante de stent sobre a função endotelial no longo prazo. Há relatos de disfunção endotelial aumentada com stent com sirolimus quando comparado com o stent metálico convencional (BMS. OBJETIVO: Este estudo visa a avaliar o impacto do BMS e o efeito do sirolimus por via oral sobre a função endotelial. MÉTODOS: Quarenta e cinco pacientes foram randomizados em três grupos: BMS + altas doses de sirolimus oral (dose inicial de 15 mg, seguida de 6 mg/dia durante quatro semanas; BMS + baixa dose de sirolimus (6 mg, seguida de 2 mg por dia durante quatro semanas e BMS sem sirolimus. Mudanças na vasoconstrição ou vasodilatação, em um segmento de 15 milímetros começando pelo extremo distal do stent em resposta a acetilcolina e nitroglicerina, foram avaliadas por angiografia quantitativa. RESULTADOS: Os grupos apresentaram características angiográficas semelhantes. A variação percentual de diâmetro em resposta a acetilcolina foi semelhante em todos os grupos, nos dois momentos (p = 0,469. Quatro horas após o implante de stent, o segmento alvo apresentou uma disfunção endotelial que se manteve após oito meses em todos os grupos. Em todos os grupos, a vasomotricidade independente de endotélio em resposta a nitroglicerina foi semelhante, às quatro horas e aos oito meses, com diâmetro do segmento alvo aumentado após a infusão de nitroglicerina (p = 0,001. CONCLUSÃO: A disfunção endotelial esteve igualmente presente no segmento distal de 15 milímetros do segmento tratado, às 4 horas e aos 8 meses após implante do stent. O sirolimus administrado por via oral durante quatro semanas para evitar a reestenose não afetou o estado de vasomotricidade endotélio dependente e independente.

  19. Leucemia Mieloblástica Aguda | EU Clinical Trials Register [EU Clinical Trials Register

    Lifescience Database Archive (English)

    Full Text Available . E.4Principal exclusion criteria 1. Diagnóstico de leucemia aguda promielocítica (LPA, clasificación franco...realizado una prostatectomía radical.16. Evidencia clínica que puede indicar afectación del sistema nervioso central (SNC) con leucem...ia a menos que la punción lumbar confirme la ausencia de blastos leucémicos en el l

  20. Necessidades básicas das esposas de pacientes infartados na fase aguda do tratamento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edna Ikumi Umebayashi Takahashi

    1990-12-01

    Full Text Available Trata-se de um estudo exploratório que teve por finalidade as necessidades básicas das esposas de pacientes infartados, na fase aguda do tratamento. Foi utlizado como referencial para análise os conceitos de Nacessidades Básicas de MASLOW. Os resultados permitiram identificar como principais necessidades afetadas das esposas: segurança, amor e gregária, estima.

  1. NECESSIDADES BÁSICAS DAS ESPOSAS DE PACIENTES INFARTADOS, NA FASE AGUDA DO TRATAMENTO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edna Ikumi Umebayashi Takahashi

    Full Text Available Trata-se de um estudo exploratório que teve por finalidade identificar as necessidades básicas das esposas de pacientes infartados, na fase aguda do tratamento. Foi utilizado como referencial para análise os conceitos de Necessidades Básicas de Maslow. Os resultados permitiram identificar como principais necessidades afetadas das esposas: segurança, amor e gregária, estima.

  2. Necessidades básicas das esposas de pacientes infartados na fase aguda do tratamento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edna Ikumi Umebayashi Takahashi

    Full Text Available Trata-se de um estudo exploratório que teve por finalidade as necessidades básicas das esposas de pacientes infartados, na fase aguda do tratamento. Foi utlizado como referencial para análise os conceitos de Nacessidades Básicas de MASLOW. Os resultados permitiram identificar como principais necessidades afetadas das esposas: segurança, amor e gregária, estima.

  3. Primeiro consenso brasileiro do tratamento da fase aguda do acidente vascular cerebral

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    2001-01-01

    Full Text Available Este texto apresenta a síntese das conclusões do Iº Consenso Brasileiro do Tratamento da Fase Aguda do Acidente Vascular Cerebral (AVC. Tratou-se de reunião patrocinada e coordenada pela Sociedade Brasileira de Doenças Cerebrovasculares, com neurologistas especializados nas doenças cerebrovasculares, que analisaram os principais itens da conduta dos AVC.

  4. Nutrición por sonda nasogástrica en la pancreatitis aguda grave

    National Research Council Canada - National Science Library

    García de Casasola, Gonzalo; Cacho Acosta, Guillermo; Gonzálvez-Gasch, Asunción; Barba Martín, Raquel; Herreros Valdepeñas, Benjamín; Barbado Cano, Ana

    2008-01-01

    ... alternativa a la nutrición parenteral es la nutrición enteral por sonda nasoyeyunal. Se han efectuado varios ensayos clínicos controlados y aleatorizados en los que se compara la nutrición parenteral total con la nutrición enteral por sonda nasoyeyunal en la pancreatitis aguda grave 2–4 . A pesar de las limitaciones de estos estudios, en la mayoría de ellos se...

  5. Sertralina e pancreatite aguda: relato de caso Sertraline and acute pancreatitis: a case-report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Malbergier

    2004-03-01

    Full Text Available A pancreatite aguda é uma patologia grave e com considerável morbidade e mortalidade. Vários fatores são apontados como possíveis causas de pancreatite aguda. Neste relato, será apresentado um caso de pancreatite aguda com possível associação causal com um inibidor seletivo de recaptura de serotonina: sertralina. Após um mês de tratamento com sertralina, uma paciente do sexo feminino, 55 anos, desenvolveu forte dor abdominal e elevação da amilase sérica. Após internação e retirada da sertralina, seus sintomas remitiram e os níveis de amilase voltaram ao normal. Pela potencial gravidade do quadro e pelo amplo uso desta medicação, tal associação deve ser lembrada em investigações de casos de pancreatite aguda.Acute pancreatitis is a severe disease with considerable morbidity and mortality. Many risk factors are causally related to acute pancreatitis. In this report, a case of acute pancreatitis with possible causal relationship with the use of a selective serotonin reuptake inhibitor, sertraline, will be discussed. After one month of treatment with sertraline, a female patient, 55 years-old, developed a severe abdominal pain and showed a serum amylase elevation. She was admitted to the hospital and the use of sertraline was interrupted. After that, the symptoms remitted and the serum amylase level returned to normal. Because of the potential severity of this disease and the widespread use of sertraline, this association should be reminded when investigating possible causes for acute pancreatitis.

  6. Relación entre las infecciones respiratorias agudas altas y el asma bronquial

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Verónica Soler Fonseca

    Full Text Available Introducción: la infección respiratoria es la enfermedad más frecuente en los seres humanos, pues es responsable de la mitad de todas las enfermedades agudas. En Cuba al igual que en el resto del mundo, el asma bronquial constituye un importante problema de salud con incidencia relevante en los niños. Se señala que las infecciones virales están involucradas en la patogénesis del asma, sobre todo en el paciente pediátrico. Objetivo: identificar la influencia de las Infecciones Respiratorias Agudas Altas en la aparición y exacerbación de las crisis de asma bronquial. Métodos: se realizó un estudio descriptivo, transversal y prospectivo de los pacientes ingresados con asma bronquial en el servicio de enfermedades respiratorias del Hospital Pediátrico Docente de San Miguel del Padrón, durante todo el año 2008. Resultados: el tiempo de evolución de la IRAA más frecuente que desencadenó la crisis de asma bronquial fue de más de 7 días, con un 54,8 %. Un total de 188 pacientes presentaron rinofaringitis aguda catarral relacionada con la aparición de la crisis de asma bronquial, lo que representó el 82,4 % del total de la muestra. Conclusiones: predominó el grupo de 1 a 4 años con manifestaciones respiratorias altas de posible etiología viral sin diferencias apreciables en relación con el sexo. La mayoría de los pacientes que participaron en el estudio presentaron IRAA de etiología viral (Rinofaringitis, que precedieron la aparición y exacerbación de las crisis agudas de asma bronquial.

  7. Manifestacoes orais decorrentes da quimioterapia em criancas portadoras de leucemia linfocitica aguda

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Everton Freitas de Morais

    2014-01-01

    Full Text Available Introdução: A leucemia linfocítica aguda é um dos tipos de câncer mais comuns em crianças e é caracterizada pela produção excessiva e desordenada de leucócitos imaturos na medula óssea. Objetivo: Identificar as manifestações orais mais frequentes em crianças portadoras de leucemia linfocítica aguda sob o tratamento quimioterápico. Metodologia: A pesquisa foi realizada nas bases de dados eletrônicas PubMed/Medline, Science Direct, Scielo e Scopus. Procurou-se por artigos apresentados na íntegra, escritos em português, inglês e espanhol, publicados entre janeiro de 1992 e abril de 2013. Resultados: Dos estudos selecionados primariamente, apenas oito atenderam aos critérios de inclusão. A população avaliada foi um grupo de crianças portadoras de leucemia linfócitica aguda. Todos os estudos realizaram exames intraorais para o diagnóstico das lesões bucais. De acordo com os resultados, as lesões mais frequentes foram mucosite, candidíase, periodontite e gengivite. A condição de saúde bucal dos portadores de leucemia linfócitica aguda variou de acordo com a higiene bucal do paciente. Conclusão: Pacientes com LLA podem apresentar alguma lesão na cavidade oral durante ou após o início da quimioterapia. O cirurgião dentista necessita reconhecer as manifestações orais e intervir na saúde bucal do paciente com LLA, contribuindo e auxiliando no seu tratamento.

  8. Porfiria aguda intermitente la importancia de ampliar la perspectiva del diagnóstico diferencial

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Boris Espinoza Balderrama

    2012-12-01

    Full Text Available La porfiria aguda intermitente es un trastorno autosómico dominante, producido por deficiencia genética de porfobilinogeno desaminasa, enzima que participa en la biosíntesis del grupo hem, es una patología con elevada mortalidad, y poco observada en nuestro medio. En octubre del 2011, en el Hospital del Seguro Social Universitario se reportó un caso de porfiria aguda intermitente, paciente de 23 años, sexo femenino, ingresa con dolor abdominal agudo de gran intensidad a nivel de mesogastrio y síndrome miccional, durante su internación presento taquicardia, fiebre y leucocitosis sin focoinfeccioso aparente, llevando Insuficiencia renal aguda, acidosis metabólica y neuropatía periférica.Las sintomatología inespecífica plantea patologías quirúrgicas o médicas, que requieren análisis exhaustivo para la aproximación diagnostica, mediante prueba de fotosensibilidad en orina se sospecha el diagnóstico definitivo, la cual se confirmó con la determinación de porfirinas totales en sangre y en orina, de porfobilinógeno y de ácidodelta - aminolevulínico en orina realizada en Buenos Aires donde recibió tratamiento oportuno.

  9. Tratamento híbrido com endoprótese não recoberta nas dissecções agudas da aorta tipo A New surgical strategy for acute type A aortic dissection: hybrid procedure

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Ribeiro Dias

    2007-12-01

    Full Text Available O tratamento da dissecção aguda da aorta tipo A de Stanford, com a utilização de um novo dispositivo (stent de aorta não recoberto em associação à interposição de tubo supracoronariano para a substituição da aorta ascendente e hemiarco permitem que o arco aórtico e porção da aorta descendente sejam tratados, sem acrescentar complexidade ao procedimento operatório, nem prolongar o tempo de isquemia cerebral ou sistêmica.The new surgical strategy to treat patients with acute type A aortic dissection, the hybrid procedure with an uncovered aortic stent, allows surgeons to treat the aortic arch and the proximal descending aorta, besides the ascending segment, without extension of cerebral or systemic ischemia.

  10. Índice Internacional de Função Erétil Simplificado e doença coronariana em pacientes hipertensos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Carlos Cordeiro

    2012-10-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A Disfunção Erétil (DE se associa ao risco aumentado de Doença Arterial Coronariana (DAC. OBJETIVO: Avaliar a associação entre DE, determinada pelo Índice Internacional de Função Erétil Simplificado (IIFE-5, e DAC. MÉTODOS: Estudo de corte transversal que avaliou 263 hipertensos (55 [50 - 61] anos. A DE foi avaliada pelo IIEF-5 e a DAC, por meio da história de revascularização miocárdica prévia e/ou por cineangiocoronariografia. RESULTADOS: O IIFE-5 se correlacionou com o clearance de creatinina [ClCr] (Rho = 0,23; p 20 (n = 123; aqueles com menor IIFE-5 tinham idade mais elevada (57 [52 - 61] vs. 54 [45 - 60] anos; p = 0,002, maior prevalência de DAC (22% vs. 9%; p = 0,004, tabagismo (64% vs. 47%; p = 0,009 e do uso de inibidores dos canais de cálcio (65 % vs. 43%; p = 0,001, além de menor ClCr (67,3 [30,8 - 88,6] vs. 82,6 [65,9 - 98,2] ml/min; p < 0,001. O IIFE-5 < 20 se associou ao maior risco de DAC em regressão logística; tanto univariada (RR = 2,89 [IC 95% 1,39 - 6,05], quanto após ajustes para idade, diabetes, ClCr, tabagismo, pressão arterial média e uso de anti- hipertensivos (RR = 2,59 [IC 95%: 1,01 - 6,61]. CONCLUSÃO: O IIFE-5 se associa ao diagnóstico de DAC e sua utilização pode agregar informação ao estadiamento do risco cardiovascular em pacientes hipertensos.

  11. Qualidade de vida em pacientes com doença ateroclerótica coronariana grave e estável

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gisele Moriel

    2010-12-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Existem poucas informações sobre fatores agravantes da qualidade de vida em pacientes com doença arterial coronariana (DAC, antes da intervenção coronária percutânea (ICP. OBJETIVO: Associar variáveis clínicas com escores de qualidade de vida (EQV em pacientes com DAC estável, antes da ICP e com desfechos desfavoráveis, 12 meses após o procedimento. MÉTODOS: Trata-se de estudo longitudinal incluindo 78 pacientes (43 homens e 35 mulheres, antes da ICP eletiva. As associações entre EQV (questionário SF-36 e idade, sexo, peso, índice de massa corpórea, diabete melito (DM, hipertensão arterial, dislipidemia, tabagismo atual, evento cardiovascular ou ICP prévios, controle da glicemia e da pressão arterial foram analisadas por meio de regressão logística multivariada. Também se analisaram as associações entre esses atributos clínicos e os desfechos desfavoráveis (morte por qualquer causa, insuficiência cardíaca ou infarto não fatal. O nível de significância foi p 25 kg/m², DM e pressão arterial elevada foram associados a maior prejuízo de, pelo menos, um dos EQV. Sexo feminino (OR: 7,19; IC95%: 1,55 - 33,36; p = 0,012, evento cardiovascular prévio (OR: 3,97; IC95%: 1,01 - 15,66; p = 0,049 e insucesso na ICP (OR: 10,60; IC95%: 1,83 - 61,46; p = 0,008 foram associados com risco aumentado de desfecho combinado. CONCLUSÃO: Na presença de DAC, mulheres e pacientes com comorbidades têm maior prejuízo da qualidade de vida. Os desfechos desfavoráveis após 12 meses da ICP estão associados com o sexo feminino, evento prévio ou insucesso do procedimento.

  12. Scanning Electron Microscopy (SEM) Procedure for HE Powders on a Zeiss Sigma HD VP SEM

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Zaka, F. [Lawrence Livermore National Lab. (LLNL), Livermore, CA (United States)

    2016-11-15

    This method describes the characterization of inert and HE materials by the Zeiss Sigma HD VP field emission Scanning Electron Microscope (SEM). The SEM uses an accelerated electron beam to generate high-magnification images of explosives and other materials. It is fitted with five detectors (SE, Inlens, STEM, VPSE, HDBSD) to enable imaging of the sample via different secondary electron signatures, angles, and energies. In addition to imaging through electron detection, the microscope is also fitted with two Oxford Instrument Energy Dispersive Spectrometer (EDS) 80 mm detectors to generate elemental constituent spectra and two-dimensional maps of the material being scanned.

  13. Infección aguda por el VHC Acute hepatitis C virus infection

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A. Martínez Echeverría

    2004-01-01

    Full Text Available La infección aguda por el virus C de la hepatitis produce un cuadro clínico y bioquímico no específico e indistinguible de los causados por otros virus hepatotropos. El diagnóstico específico de la hepatitis aguda por virus C se basa en la detección en sangre del RNA-VHC mediante una técnica de reacción en cadena de la polimerasa cuyo resultado será positivo a partir de 1-2 semanas tras el contacto inicial con el virus. Los anticuerpos frente al VHC se detectan más tardíamente (a las 7-8 semanas por término medio no siendo útiles, como determinación aislada, para distinguir infección aguda de infección crónica o aclaramiento del virus (espontáneo o tras tratamiento. El 55-85% de los pacientes con infección aguda por el VHC no aclaran el virus y desarrollan una infección crónica con riesgo de evolución a cirrosis y de desarrollo de hepatocarcinoma. Por ello, la tendencia actual es tratar con interferón a todos aquellos pacientes en los que el RNA-VHC se mantenga positivo más allá de 3-4 meses tras el diagnóstico de la infección aguda.Acute hepatitis C virus infection produces clinical and biochemical features that is non-specific and indistinguishable from those caused by other hepatotropic viruses. The specific diagnosis of acute hepatitis C virus infection is based on the detection of serum RNA-HCV through a technique of PCR whose result will be positive after 1-2 weeks of the initial contact with the virus. The anti-bodies against HCV are detected later (after 7-8 weeks on average, and are not useful, as an isolated determination, in distinguishing acute infection from chronic infection or in clearing the virus (spontaneous or following treatment. Fifty-five to eighty-five percent of patients with acute HCV infection do not clear the virus and develop a chronic infection with risk of evolution to cirrhosis and of developing hepatocellular carcinoma. For this reason, the present tendency is to treat with interferon

  14. Tratamiento quirúrgico de las colecciones agudas y crónicas del pericardio

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Orestes Noel Mederos Curbelo

    Full Text Available Introducción: las colecciones agudas o crónicas del pericardio con frecuencia producen una compresión del corazón que en los casos crónicos conlleva invalidez y, en los agudos, peligro de muerte por taponamiento cardíaco. Objetivo: caracterizar a los pacientes intervenidos quirúrgicamente en el Hospital Universitario "Comandante Manuel Fajardo" entre 1995 y 2012 a causa de colecciones pericárdicas. Métodos: se realizó un estudio descriptivo transversal con los pacientes atendidos quirúrgicamente en dicha institución por colecciones del pericardio. Constituyeron el universo 24 pacientes: 22 con colecciones agudas y 2 con colecciones crónicas. Resultados: la causa más frecuente de los derrames agudos fue la pericarditis aguda idiopática (25 %. Las colecciones crónicas fueron por pericarditis fibrosa de causa idiopática en el 100 % de los enfermos. La intervención realizada fue la resección del pericardio y el drenaje de las colecciones agudas mediante toracotomía izquierda o por vía preperitoneal subxifoidea. En las colecciones de origen maligno se realizó la resección pericárdica con fines paliativos y, en los derrames por lesión traumática del corazón, la sutura de este órgano fue el tratamiento quirúrgico empleado en todos los casos. En las pericarditis constrictivas, la pericardiectomía radical fue el tratamiento empleado en el 100 % de los casos. Conclusiones: el tratamiento quirúrgico en las colecciones agudas y crónicas del pericardio permite drenar el contenido por una ventana pericárdica obtenida por toracoscopia o por vía preperitoneal subxifoidea, mientras que la toracotomía izquierda es útil en las emergencias. En los derrames crónicos con fibrosis y síntomas de insuficiencia cardíaca, la pericardiectomía radical mediante esternotomía media ofrece los mejores resultados.

  15. Infarto esplénico secundario a pancreatitis aguda Splenic infarction secondary to acute pancreatitis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J. J. Arenal Vera

    2008-05-01

    Full Text Available Fundamento y objetivo: la estrecha relación anatómica del páncreas con los vasos esplénicos y el bazo es responsable de complicaciones esplénicas en el curso de la pancreatitis aguda. El objetivo es presentar dos casos clínicos de pancreatitis aguda grave que sufrieron infarto esplénico como complicación de la enfermedad pancreática. Pacientes, participantes: en un periodo de tres meses, dos pacientes fueron diagnosticados de infarto esplénico secundario a pancreatitis aguda. En ambos casos el diagnóstico y seguimiento evolutivo del infarto esplénico se hizo a través de tomografía axial computerizada. Resultados: en el primer paciente, las imágenes muestran de forma inequívoca la afectación de la arteria esplénica por el proceso inflamatorio pancreático. En el segundo, no se pudo demostrar afectación de los vasos esplénicos, por lo que la única posible explicación etiológica es un incremento de coagulabilidad intravascular. Conclusiones: sería recomendable añadir las complicaciones esplénicas al conjunto de complicaciones graves extrapancreáticas de la pancreatitis aguda. La tomografía axial computerizada es de gran utilidad para la detección y seguimiento de las complicaciones esplénicas de la pancreatitis aguda.Background and objective: the close anatomic relationship of the pancreas with the splenic vessels and the spleen is responsible for splenic complications in the course of acute pancreatitis. Our objective was to report two cases of severe acute pancreatitis complicated by splenic infarction. Patients: in a three-month period of time two patients were diagnosed with splenic infarction secondary to acute pancreatitis. In both cases splenic infarction diagnosis and follow-up were carried out using computed tomography. Results: in the first case images clearly showed a narrowing of the splenic artery due to the inflammatory pancreatic condition. In the second case no involvement of the splenic vessels could

  16. Intoxicaciones agudas graves en un servicio de medicina intensiva durante doce años

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Palazón Sánchez C

    2000-01-01

    Full Text Available Fundamento: Conocer la epidemiología de las intoxicaciones agudas graves en un servicio de medicina intensiva y evaluar el pronóstico de la PCR y mortalidad asociada a los distintos tóxicos Métodos: Estudio retrospectivo realizado en el servicio de medicina intensiva polivalente de 10 camas, ubicado en un Hospital General de adultos. Período de estudio 12 años. Revisión de las historias clínicas de las personas ingresadas en el servicio de medicina intensiva por intoxicaciones agudas graves. Se recogieron datos demográficos, existencia de PCR al ingreso, necesidad de VM, complicaciones de las intoxicaciones agudas graves y mortalidad de la serie. Se realizó un análisis global y por año de estudio. El tratamiento estadístico de los datos se realizó con el paquete SPSS mediante la "t" de Student o la "chi" cuadrado, considerando valores significativos si p<0,05 Resultados: Se han incluido 233 sujetos, de los que 130 fueron varones. La estancia media fue de 4 días. El 63% de los pacientes fueron menores de 40 años (p<0,05. La intoxicación más frecuente fue la medicamentosa debida a un solo producto (72%. La supervivencia tras la PCR fue del 40% (4/10. La mortalidad global se situó en el 5,6% (n=13, habiendo precisado el 92% de los sujetos que posteriormente murieron, VM en algún momento de su ingreso en la unidad de cuidados intensivos. Conclusiones: En nuestro medio, la intoxicación más frecuente es la medicamentosa. La mortalidad se muestra dependiente del carácter de voluntariedad, pero independiente del tipo de tóxico (medicamentoso o no. La PCR asociada a las intoxicaciones agudas graves tiene, en nuestra serie, un mejor pronostico que la asociada a otras patologías. La VM asociada a las intoxicaciones agudas graves tiene una mortalidad baja (15,7%

  17. Neuronopatia sensitiva aguda idiopática: relato de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lineu César Werneck

    1993-09-01

    Full Text Available As neuronopatias sensitivas caracterizam-se por parestesias, ataxia sensitiva e arreflexia sem comprometimento motor, devidas a lesão no gânglio sensitivo dorsal, com degeneração axonal e do cordão posterior da medula espinhal. Descrevemos o caso de uma paciente de 21 anos de idade, cuja doença se iniciou de modo agudo com parestesias distais, astasia, abasia e hiporreflexia. Força muscular normal. A condução nervosa sensitiva estava ausente e a motora, discretamente reduzida. LCR com 2 leucócitos/mm3 e 1,06 g/dL de proteínas. A biópsia de músculo evidenciou atrofia de fibras tipo 2 e a biópsia do nervo sural, desmielinização axonal. Tratada com prednisona, permaneceu discreto déficit proprioceptivo nos pés após um ano e meio de evolução. São discutidos aspectos clínicos do envolvimento dos gânglios sensitivos dorsais, possíveis etiologias tóxicas, a relação com neoplasias e com a síndrome de Sjogren.

  18. Acute pancreatitis associated with acute viral hepatitis: case report and review of literature Pancreatite aguda associada com hepatite A aguda: relato de caso e revisão da literatura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Danilo Bora Moleta

    2009-12-01

    Full Text Available This case report, along with the review presented, describes a patient diagnosed with acute viral hepatitis, who developed a framework of intense abdominal pain and laboratorial alterations compatible with acute pancreatitis. The association of acute pancreatitis complicating fulminant and non-fulminant acute hepatitis virus (AHV has been reported and several mechanisms have been proposed for this complication, but so far none is clearly involved. As acute hepatitis is a common disease, it is important to stimulate the development of other studies in order to determine local incidence and profile of patients presenting this association in our environment.Este relato de caso, junto com a revisão de literatura, descreve um paciente com diagnóstico de hepatite viral aguda, que desenvolveu quadro de dor abdominal intensa e alterações laboratoriais compatíveis com pancreatite aguda. Casos de pancreatite aguda complicando hepatites virais agudas fulminantes e não fulminantes tem sido esporadicamente relatados e vários mecanismos são propostos para explicar esta complicação, no entanto sua causa ainda se mantém desconhecida. Como a hepatite aguda é doença comum, é importante estimular o desenvolvimento de mais estudos na América Latina que visem determinar a incidência local e o perfil dos pacientes que apresentam esta complicação.

  19. In-situ SEM electrochemistry and radiolysis

    DEFF Research Database (Denmark)

    Møller-Nilsen, Rolf Erling Robberstad; Norby, Poul

    Electron microscopy is a ubiquitous technique to see effects which are too small to see with traditional optical microscopes. Recently it has become possible to also image liquid samples by encapsulating them from the vacuum of the microscope and a natural evolution from that has been to include...... microelectrodes on the windows to enable studies of electrohcemical processes. In this way it is possible to perform in-situ electrochemical experiments such as electroplating and charge and discharge analysis of battery electrodes. In a typical liquid cell, electrons are accelerated to sufficiently high energies...... to traverse a thin window made by a silicon nitride membrane, and interact with the sample immersed in liquid. In transmission electron microscopy (TEM) the majority of the electrons continue through the sample to form an image. In scanning electron microscopy (SEM) a fraction of the electrons...

  20. SEMS: System for Environmental Monitoring and Sustainability

    Science.gov (United States)

    Arvidson, Raymond E.

    1998-01-01

    The goal of this project was to establish a computational and data management system, SEMS, building on our existing system and MTPE-related research. We proposed that the new system would help support Washington University's efforts in environmental sustainability through use in: (a) Problem-based environmental curriculum for freshmen and sophomores funded by the Hewlett Foundation that integrates scientific, cultural, and policy perspectives to understand the dynamics of wetland degradation, deforestation, and desertification and that will develop policies for sustainable environments and economies; (b) Higher-level undergraduate and graduate courses focused on monitoring the environment and developing policies that will lead to sustainable environmental and economic conditions; and (c) Interdisciplinary research focused on the dynamics of the Missouri River system and development of policies that lead to sustainable environmental and economic floodplain conditions.

  1. Effect of hyperthermia on experimental acute pancreatitis Efeito da hipertermia na pancreatite aguda experimental

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Luiz Jesus de Almeida

    2006-12-01

    Full Text Available BACKGROUD: Recent studies indicate that hyperthermia can change inflammatory mechanisms and protect experimental animals from deleterious effects of secretagogue-induced acute pancreatitis AIM: To evaluate the effects of hyperthermia post-treatment on cerulein-induced acute pancreatitis in rats METHODS: Twenty animals were divided in two groups: group I (n = 10, rats with cerulein-induced acute pancreatitis undergone hyperthermia, and group II (n = 10, animals with cerulein-induced acute pancreatitis that were kept normothermic. In all groups, amylase serum levels, histologic damage, vascular permeability and pancreatic water content were assessed. Acute pancreatitis was induced by administration of two cerulein injections (20 mcg/kg. A single dose of Evans' blue dye was administered along with the second dose of cerulein. All animals also received a subcutaneous injection of saline solution. After this process, animals undergone hyperthermia were heated in a cage with two 100 W lamps. Body temperature was increased to 39.5ºC and maintained at that level for 45 minutes. Normothermia rats were kept at room temperature in a second cage RESULTS: Control animals had typical edema, serum amylase activity and morphologic changes of this acute pancreatitis model. Hyperthermia post-treatment ameliorated the pancreatic edema, whereas the histologic damage and the serum amylase level remained unchanged CONCLUSIONS: The findings suggest a beneficial effect of the thermal stress on inflammatory edema in experimental acute pancreatitis.RACIONAL: Estudos recentes indicam que a hipertermia pode modificar mecanismos inflamatórios e proteger animais experimentais dos efeitos deletérios da pancreatite aguda induzida por secretagogos OBJETIVO: Avaliar a eficácia da hipertermia como tratamento da pancreatite aguda induzida por ceruleína em ratos MÉTODOS: Vinte animais foram divididos em dois grupos: grupo I (n = 10, ratos com pancreatite aguda induzida por

  2. Fragmento 1+2 da protrombina em indivíduos submetidos à angiografia coronariana Prothrombin fragment 1+2 in subjects undergoing coronary angiography

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana M. Lima

    2005-09-01

    Full Text Available A trombina exerce um papel fundamental na conversão do fibrinogênio em fibrina, no processo de coagulação. O fator X ativado transforma a protrombina em trombina e fragmento 1+2 da protrombina (F1+2. Os níveis plasmáticos de F1+2 refletem a geração de trombina e podem ser usados como um marcador de hipercoagulabilidade in vivo, já que a trombina é uma substância instável e facilmente degradada, que não pode ser medida diretamente no plasma. O presente estudo teve como objetivo determinar os níveis plasmáticos do F1+2 de um grupo de indivíduos submetidos à angiografia coronariana, buscando estabelecer a possível correlação entre este parâmetro e a gravidade da doença arterial coronariana (DAC. Os níveis plasmáticos do F1+2 foram determinados em amostras de sangue de 17 indivíduos com ausência de ateromatose nas coronárias (controles, 12 indivíduos apresentando ateromatose leve/moderada e 28 indivíduos apresentando ateromatose grave, utilizando-se o conjunto diagnóstico Enzignost F1+2 (Behring® Diagnostics GmbH, Marburg, Germany. Não foram encontradas diferenças estatisticamente significativas entre as médias dos três grupos para o parâmetro avaliado. Portanto, as médias obtidas nos três grupos para os níveis plasmáticos de F1+2 não sinalizam para a existência de um estado de hipercoagulabilidade na população estudada. Entretanto, 73,7% dos indivíduos faziam uso regular de ácido acetilsalicílico, o que pode ter influenciado nos resultados de F1+2, uma vez que este medicamento promove a inibição da enzima ciclooxigenase, diminuindo a liberação de tromboxane A2 e a agregação plaquetária. Portanto, presume-se que a redução da ativação plaquetária poderia estar contribuindo para uma menor formação de trombina e, conseqüentemente, diminuindo o potencial de hipercoagulabilidade.Thrombin plays a basic role in the conversion of fibrinogen to fibrin in the coagulation process. Activated factor X

  3. Nondestructive SEM for surface and subsurface wafer imaging

    Science.gov (United States)

    Propst, Roy H.; Bagnell, C. Robert; Cole, Edward I., Jr.; Davies, Brian G.; Dibianca, Frank A.; Johnson, Darryl G.; Oxford, William V.; Smith, Craig A.

    1987-01-01

    The scanning electron microscope (SEM) is considered as a tool for both failure analysis as well as device characterization. A survey is made of various operational SEM modes and their applicability to image processing methods on semiconductor devices.

  4. Aspectos clínico-diagnósticos relativos à fase aguda da doença de Chagas, em pacientes submetidos a transplante de rim e imunodeprimidos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro Renato Chocair

    1985-03-01

    Full Text Available Em sete pacientes submetidos a transplante de rim e imonodeprimidos reconheceram os Autores a ocorrência de doença de Chagas, em fase aguda. Tais eventos permitiram verificações sem dúvida expressivas e, entre elas, afigurou-se conveniente salientar as seguintes: presença de febre como manifestação proeminente; valor elucidativo da pesquisa do Trypanosoma cruzi no "creme" leucocitário em etapa de realização de diagnóstico diferencial, quando escassos os elementos orientadores; utilidade da evidenciação, por imunofluorescência, de anticorpos IgM antitripanossomo no soro; falta de participação de enfartamento de linfonodos superficiais ao exame clínico e de linfocitose, com linfócitos atípicos, ao hemograma; decurso não grave, sendo que, para tanto, pode ter contribuído a administração de benzonidazol; possibilidade de manutenção do uso de medicamentos imonossupressores; ausência de prejuízo quanto ao transplante. Julgaram os Autores oportuno relatar esses fatos, em virtude de implicações que eles ensejam quando em desenvolvimento trabalhos de natureza assistencial.

  5. The luminal surface of thyroid cysts in SEM

    DEFF Research Database (Denmark)

    Zelander, T; Kirkeby, S

    1978-01-01

    Four of the five kinds of cells constituting the walls of thyroid cysts can be identified in the SEM. These are cuboidal cells, mucous cells, cells with large granules and ciliated cells. A correlation between SEM and TEM observations is attempted.......Four of the five kinds of cells constituting the walls of thyroid cysts can be identified in the SEM. These are cuboidal cells, mucous cells, cells with large granules and ciliated cells. A correlation between SEM and TEM observations is attempted....

  6. In-situ tensile testing of propellant samples within SEM

    NARCIS (Netherlands)

    Benedetto, G.L. di; Ramshorst, M.C.J. van; Duvalois, W.; Hooijmeijer, P.A.; Heijden, A.E.D.M. van der; Klerk, W.P.C. de

    2015-01-01

    A tensile module system placed within a FEI NovaNanoSEM 650 Scanning Electron Microscope (SEM) was utilized in this work to conduct in-situ tensile testing of propellant material samples. This tensile module system allows for real-time in-situ SEM analysis of the samples to determine the failure mec

  7. Semântica e lexicografia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Julio Casares

    2001-01-01

    Full Text Available

    A Semântica e a Lexicografia se interpenetram mutuamente porque a Lexicografia não se limita a recolher as palavras do léxico, mas procura descrever a significação dos vocábulos e seus usos. O lexicógrafo também se ocupa de evolução dos sentidos das palavras para estabelecer a escala das acepções de um signo lexical. Casares conceitua acepção e discute o problema da discriminação das acepções e da sua ordenação no caso de palavras polissêmicas. Outra Questão delicada para o lexicógrafo é o reconhecimento e a identificação correta dos valores metafóricos. O autor usa como exemplo ilustrativo o verbete lat. ordo > esp. orden (port. ordem, signo polissêmico. Traça gráficos da ma-, lha de significações na semântica evolutiva dessa palavra, do étimo original latino ao espanhol moderno. Casares também trata do problema da lematização, ou seja, a decisão técnica de escolher como entrada de um dicionário, uma ou outra forma vocabular, o que envolve controvérsias permanentes em meio aos lexicólogos sobre as lexias (palavras complexas e como e quando se dá a categorização lexical de um polinómio vocabular. Esse problema é ampliado por causa da tradição caótica de muitas grafias, particularmente no caso de "locuções vocabulares". Advoga as vantagens e as virtudes de um dicionário que tivesse um índice de freqüência do uso de cada palavra, ou de cada acepção de um vocábulo.

  8. EPA Region 2 SEMS_CERCLIS Sites All [R2] and SEMS_CERCLIS Sites NPL [R2] GIS Layers

    Data.gov (United States)

    U.S. Environmental Protection Agency — The Region 2 SEMS_CERCLIS Sites All [R2] GIS layer contains unique Superfund Enterprise Management System (SEMS) site records. These records have the following...

  9. Relation between stressors and sociodemographic and clinical characteristics of patients hospitalized at a coronary unit Relación entre estresores y características sociodemográficas y clínicas de pacientes internados en una unidad coronaria Relação entre estressores e características sócio-demográficas e clínicas de pacientes internados em uma unidade coronariana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carina Aparecida Marosti

    2006-10-01

    estressores dos pacientes internados em uma unidade coronariana com suas características sociodemográficas e clínicas. Foram entrevistados 43 indivíduos internados em um hospital de grande porte. Para a avaliação dos estressores, foi utilizada escala tipo Likert de 4 pontos que avaliou a intensidade do estresse para 42 possíveis estressores, variando de 1 (não estressante a 4 (muito estressante. Foram coletados dados para a caracterização sociodemográfica, clínica e relativos à unidade coronariana. Para análise dos dados foi utilizada estatística não-paramétrica com os testes de Mann-Whitney e de Kruskal Wallis e teste de correlação de Spearman. O nível de significância adotado foi de 0,05. Constatou-se maior estresse entre os pacientes mais jovens, do sexo feminino, não medicados com psicoterápicos, com presença de mais de dois equipamentos e sem internação anterior nesse tipo de unidade de tratamento intensivo.

  10. Analysis list: sem-4 [Chip-atlas[Archive

    Lifescience Database Archive (English)

    Full Text Available sem-4 Larvae + ce10 http://dbarchive.biosciencedbc.jp/kyushu-u/ce10/target/sem-4.1....tsv http://dbarchive.biosciencedbc.jp/kyushu-u/ce10/target/sem-4.5.tsv http://dbarchive.biosciencedbc.jp/kyushu-u/ce10/target/sem...-4.10.tsv http://dbarchive.biosciencedbc.jp/kyushu-u/ce10/colo/sem-4.Larvae.tsv http://dbarchive.biosciencedbc.jp/kyushu-u/ce10/colo/Larvae.gml ...

  11. Infección aguda por el VHB Acute infection by Hepatitis B Virus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    F. Alegre

    2004-01-01

    Full Text Available El espectro clínico de la infección aguda por el virus de la hepatitis B es muy amplio, con cuadros que van desde una hepatitis anictérica y subclínica a una hepatitis ictérica aguda grave e incluso, en algunos casos, a una hepatitis fulminante. El diagnóstico depende en gran medida del grado de sospecha clínica de la hepatitis, estableciéndose el origen etiológico por el virus B mediante el estudio de marcadores serológicos y/o DNA en sangre. Aunque en la mayor parte de los casos la evolución de la hepatitis aguda por virus B es favorable, con resolución espontánea de la clínica en 4-8 semanas, no es infrecuente en ciertos casos, sobre todo en la infancia, la progresión a hepatitis crónica. No existe ningún tratamiento específico para la infección aguda por virus B que reduzca su gravedad o prevenga su evolución a hepatitis crónica. Se recomienda, no obstante, el reposo relativo, y la administración de una dieta hipercalórica. En las hepatitis agudas graves debe indicarse ingreso hospitalario; en casos de hepatitis fulminante ingreso en UCI para monitorización intensiva y valoración de trasplante hepático si no se produce mejoría espontánea. En el presente artículo se revisa, de forma breve y esquemática, la clínica, el diagnóstico, el pronóstico y el tratamiento de la infección aguda por el virus de la hepatitis B.The clinical spectrum of acute hepatitis B virus infection is very broad, with clinical manifestations that range from anicteric and sub-clinical hepatitis to severe acute icteric hepatitis and even, in some cases, to fulminant hepatitis. Diagnosis depends to a large extent on the degree of clinical suspicion of hepatitis, establishing the aetiological origin of the B virus through the study of serological markers and/or DNA in the blood. Although in the majority of cases there is a favourable evolution of acute hepatitis B virus infection, with spontaneous resolution of the clinical manifestations

  12. Estado nutricional como fator prognóstico em crianças portadoras de Leucemia Linfocítica Aguda

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Borim Leila N. B.

    2000-01-01

    Full Text Available Com o objetivo de conhecer a frequência de desnutrição proteico-calórica ao diagnóstico e avaliar a sua importância na evolução clínica de crianças portadoras de Leucemia Linfocítica Aguda, com idades inferiores a quinze anos, estudamos trinta e oito crianças com Leucemia Linfocítica Aguda e sem tratamento prévio, atendidas no Hospital de Base de São José do Rio Preto-SP, no período de Setembro/89 a Dezembro/97. Entre as crianças, 63,2% eram do sexo masculino e 36,8% do sexo feminino (1,7:1,0, a faixa etária predominante foi de cinco a nove anos (44,8%, seguida daquela entre um e quatro anos (36,8%, superscript three 10 anos (10,5% e menores de um ano (7,9%. Ao diagnóstico, 52,7% eram eutróficos e 47,3% desnutridos (escore Z. Os índices nutricionais avaliados foram peso/estatura, estatura/idade e peso/idade e 21%, 34,2% e 31,5% deles, respectivamente, estavam abaixo da normalidade. Foi observada uma alta frequência de desnutrição ao diagnóstico. Porém, na avaliação do estado nutricional, entre os pacientes vivos e não-vivos, a presença de desnutrição não foi estatisticamente significativa. Este estudo reforçou a evidência da necessidade de estabelecer uma rotina de avaliação nutricional ao diagnóstico, bem como, a presença de um profissional especializado em nutrição, numa unidade de oncologia pediátrica.

  13. Apendicite aguda isquêmica em coelhos: um novo modelo com estudo histopatológico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Costa Nunes

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a isquemia parcial ou total do apêndice vermiforme de coelhos, através da ligadura com fio inabsorvível dos vasos do meso apêndice bem como a obstrução mecânica, através da ligadura com fio inabsorvível da base do apêndice a 1 cm do ceco, na patogênese da apendicite aguda. Avaliar a histologia do apêndice (normal e acometido. Estudar a flora bacteriana residente no apêndice vermiforme (normal e acometido e do exsudato peritoneal. MÉTODO: Foram utilizados 72 coelhos (Oryctogalus cuniculos, machos, da linhagem Nova Zelândia, com peso médio de 3.000 gramas. Foram divididos em grupos: piloto (A, flora bacteriana (B, controle (H e experimento (C, D, E, F e G com períodos de observação de 96 horas e 192 horas. Fez-se a ligadura dos vasos do meso apêndice com fio inabsorvível nos grupos (D, E, F e G e da base do apêndice vermiforme a 1 cm do ceco, no grupo (C. No grupo experimento (D, E, F e G foi praticado o modelo isquêmico. No grupo experimento (C foi realizada a obstrução mecânica e no grupo controle (H foi feita somente a simulação da cirurgia. RESULTADOS: Ocorreu apendicite aguda no grupo experimento (C,D,E,F, e G. CONCLUSÕES: O método utilizado causa apendicite aguda com alterações anatomopatológicas distintas. A bactéria residente encontrada na flora fisiológica do suco entérico do apêndice vermiforme e no exsudato peritoneal foi Escherichia coli.

  14. Apendicite aguda isquêmica em coelhos: novo modelo com estudo histopatológico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nunes Fernando Costa

    2005-01-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Avaliar a isquemia parcial ou total, através da ligadura com fio inabsorvível dos vasos do mesoapêndice do apêndice vermiforme de coelhos, bem como a obstrução mecânica, através da ligadura com fio inabsorvível da base do apêndice vermiforme, a 1 cm do ceco. Avaliar a histologia do apêndice ( normal e acometido . Estudar a flora bacteriana residente no apêndice vermiforme ( normal e acometido e do exsudato peritoneal. MÉTODOS: Foram utilizados 72 coelhos ( "Oryctogalus cuniculos" , machos da linhagem Nova Zelândia, com peso médio de 3,000 gramas. Foram divididos em grupos: piloto ( A , flora bacteriana ( B , controle ( H e experimento ( C, D, E, F e G com períodos de observação de 96 horas e 192 horas. Fez-se a ligadura dos vasos do mesoapêndice, com fio inabsorvível nos grupos ( D, E, F e G e da base do apêndice vermiforme a 1 cm do ceco, no grupo ( C . No grupo experimento (D,E,F e G foi praticado o modelo isquêmico. No grupo experimento ( C foi realizada a obstrução mecânica e no grupo controle ( H foi feita somente a simulação da cirurgia. RESULTADOS: No grupo controle ( H , não ocorreu apendicite aguda. No grupo experimento ( C,D,E,F, e G ocorreu apendicite aguda. CONCLUSÃO: O procedimento utilizado causa apendicite aguda com alterações anatomopatológicas distintas. A bactéria residente encontrada na flora fisiológica do suco entérico do apêndice vermiforme e no exsudato peritoneal foi a Escherichia coli.

  15. TOXICIDAD AGUDA DE Aleurites moluccana POR VIA ORAL EN RATAS SPRAGUE-DAWLEY

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Laura Rocío Orellana-Cuéllar

    2014-12-01

    Full Text Available Objetivo: Determinar la toxicidad aguda por Aleurites moluccana por administración oral en ratas Sprague-Dawley. Metodología: Estudio experimental realizado en el Instituto de Patología de la Facultad de Medicina-UNMSM. Se usaron treinta ratas Sprague-Dawley, hembras y machos, de 6 semanas de edad. Se formaron aleatoriamente tres grupos de diez ratas: grupo A1, recibió 8,2 mg/Kg de peso de A. moluccana; grupo  A2, recibió 2000 mg/Kg de peso de A. moluccana; grupo control, recibió agua ad libitum. Se evaluaron los signos clínicos de toxicidad, los pesos, variables bioquímicas y las características histopatológicas de hígado, riñón, corazón, intestino, bazo y gónadas. Se consideró significativo un p0,05. Los grupos  A1 y A2 presentaron signos clínicos de toxicidad y la muerte de tres ratas; células hepáticas binucleadas y regenerativas en el hígado; y hemorragia glomerular en el riñón. Conclusiones: Las variables clínicas e histopatológicas en hígado y riñón demostraron que la Aleurites moluccana produce toxicidad aguda, las variables bioquímicas no demostraron este efecto. Palabras Claves: Aleurites moluccana, Toxicidad aguda, Ratas Sprague-Dawley.

  16. Complicações cardíacas em cirurgia vascular

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Karla Scamardi Martins Pereira

    2016-01-01

    Full Text Available Resumo Contexto Aproximadamente 60% dos pacientes portadores de doença arterial oclusiva crônica periférica têm doença coronariana grave, sendo que a principal causa de morte no pós-operatório de cirurgia vascular de grande porte é o infarto agudo do miocárdio. Objetivos Determinar a prevalência da doença coronariana em pacientes submetidos a cirurgia vascular eletiva de grande porte e sua relação com as complicações cardiológicas pós-operatórias. Métodos Foram analisados 200 pacientes submetidos a cirurgia vascular arterial eletiva: doença obstrutiva carotídea, aortoilíaca e femoropoplítea distal e doença aneurismática de aorta abdominal e de artérias ilíacas. Os pacientes constituíram três grupos: grupo I, sem doença coronariana; grupo II, com doença coronariana assintomática; e grupo III, com doença coronariana sintomática. As complicações cardiológicas consideradas foram infarto agudo do miocárdio fatal e não fatal, insuficiência cardíaca congestiva, choque cardiogênico, fibrilação atrial aguda e outras arritmias. Resultados Complicações cardíacas ocorreram em 11 pacientes (5,5%: três infartos agudos do miocárdio não fatais (1,5% sempre em pacientes do grupo III. A complicação cardíaca mais frequente foi arritmia (exceto fibrilação atrial ocorrida em cinco (2,5% pacientes, sendo três do grupo II. A mortalidade precoce foi de nove pacientes (4,5%. Apenas uma morte foi decorrente de problema cardíaco: choque cardiogênico em paciente do grupo III. Conclusões A doença coronariana não foi preditora de óbito nos pacientes submetidos a cirurgia vascular periférica de grande porte. A sobrevida dos pacientes com ou sem doença coronariana não mostrou diferenças estatísticas.

  17. Insuficiência renal aguda: principais causas e a intervenção de enfermagem em UTI

    OpenAIRE

    Silva, Carla Monteiro Santos da; Silva, Doralice de Almeida Nascimento; Silva, Gleise Gonçalves Passos; Maia, Luiz Faustino dos Santos; Editor Científico; Oliveira, Tatiana Santana de

    2016-01-01

    A insuficiência renal aguda é uma patologia grave que pode ser reversível é considerada uma das principais complicações nos pacientes da unidade de terapia intensiva. Teve como objetivo descrever de acordo com a literatura as principais causas de insuficiência renal e a intervenção de enfermagem. Trata-se de uma pesquisa descritiva de revisão da literatura, por meio da qual realizou-se um levantamento da produção científica relacionada a insuficiência renal aguda nas bases de dados LILACS, Sc...

  18. Niveles de trombopoyetina en humor acuoso de pacientes con uveítis anterior aguda no infecciosa

    OpenAIRE

    Mondejar Garcia, José Juan

    2015-01-01

    Niveles de trombopoyetina en humor acuoso de pacientes con uveítis anterior aguda no infecciosa Introducción: Las uveítis anteriores agudas no infecciosas (UAANI) son idiopáticas, aunque ligadas a estímulos ambientales y genéticos. Están relacionadas con la respuesta inmune innata y adaptativa. Han sido aisladas citoquinas y factores de crecimiento celular (PEDF y VEGF) en el ojo y el suero de pacientes con uveítis. Los factores de crecimiento (FC) controlan el crecimiento y la diferencia...

  19. Complicaciones de rinosinusitis aguda en niños del Hospital Sótero del Río

    OpenAIRE

    2008-01-01

    Introducción: La rinosonusitis aguda (RSA) es frecuente en niños, respondiendo bien a tratamiento médico en la mayoría de los casos. Sin embargo puede presentar complicaciones graves a nivel orbitario e intracerebral. Objetivo: Evaluaria frecuencia, describirias características clínicas, evaluare! tratamiento y evolución de la rinosinusitis aguda complicada, en niños del Hospital Sótero del Río. Material y método: Estudio retrospectivo-descriptivo realizado en el Hospital Sótero del Río, util...

  20. CONOCIMIENTOS Y PRÁCTICAS DE INFECCIONES RESPIRATORIAS Y ENFERMEDADES DIARREICAS AGUDAS EN MADRES DE UNA COMUNIDAD DE PIURA, PERÚ

    OpenAIRE

    Valladares Garrido, Mario J.

    2016-01-01

    Objetivo: Determinar conocimientos y prácticas frente a enfermedades diarreicas agudas (IRAS) y las infecciones respiratorias agudas (EDAS) antes y después de una intervención educativa. Material y Métodos: Se realizó un estudio de intervención en un centro de salud de Piura aplicando un cuestionario a 60 madres, el cual estuvo constituido por 40 preguntas y dividido en 4 secciones: datos sociodemográficos maternos y del niño, signos de alarma y prácticas de IRAS y EDAS, y conocimiento sobre ...

  1. Colecistitis aguda : valoraci??n cl??nica y econ??mica de su tratamiento quir??rgico precoz

    OpenAIRE

    Garc??a Martos, Juan Bautista

    1991-01-01

    Desde el 1 de enero de 1986 al 30 de junio de 1989, 189 enfermos que presentaban una colecistitis aguda, han sido intervenidos bajo circunstancias diferentes, divididos en 3 grupos: grupo A.- 80 enfermos intervenidos por cirug??a precoz (dentro de los 5 primeros d??as del brote agudo). Grupo B.- 54 enfermos intervenidos de forma electiva (una vez superada la fase aguda). Grupo C. 55 enfermos intervenidos por fracaso del tratamiento m??dico conservador. Se estudian las dificultades t??cnicas e...

  2. Aspectos disautonômicos da porfiria aguda intermitente: a propósito de seis casos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Charles P. Tilbery

    1979-06-01

    Full Text Available Foram estudados seis casos de porfiria aguda intermitente, sendo enfocados os aspectos disautonômicos apresentados durante a longa permanência hospitalar dos doentes (média de 64 dias. Foram observados taquicardia sinusal e hipertensão arterial (4 casos, parada cardíaca (3 casos e depressão respiratória (5 casos. Os autores tecem comentários a propósito da fisiopatologia destas alterações e chamam a atenção sobre o prognóstico sombrio da porfiria aguda intermitente.

  3. Osteomielite hematogênica aguda em Pediatria: análise de casos atendidos em hospital universitário

    OpenAIRE

    Puccini, Pedro Fiorini; Maria Aparecida G. Ferrarini; Iazzetti, Antônio Vladir [UNIFESP

    2012-01-01

    OBJETIVO: Descrever a ocorrência, a evolução e o desfecho de pacientes com osteomielite hematogênica aguda na faixa etária pediátrica. MÉTODOS: Estudo descritivo de 21 casos de pacientes de zero a 14 anos com diagnóstico de osteomielite hematogênica aguda, em acompanhamento no Ambulatório de Infectologia Pediátrica da Escola Paulista de Medicina entre 2005 e 2009. A coleta de dados ocorreu pelo levantamento de prontuários. Realizaram-se a análise descritiva e o teste de correlação de Spearman...

  4. O papel da fisioterapia respiratória na bronquiolite viral aguda = Role of chest physiotherapy in acute viral bronchiolitis

    OpenAIRE

    Luisi,Fernanda

    2008-01-01

    Objetivos: revisar a literatura médica sobre o uso da fisioterapia respiratória em crianças com bronquiolite viral aguda Fonte de dados: revisão, a partir do banco de dados PubMed, Medline e LILACS, de artigos publicados em revistas científicas nacionais e internacionais, bem como dos livros texto mais importantes publicados nos últimos anos Síntese dos dados: a bronquiolite viral aguda é uma infecção muito freqüente em crianças. Apesar da baixa morbidade, representa aproximadamente 75%...

  5. Insuficiencia renal aguda en pacientes de la Unidad de Cuidados Intensivos, Hospital Regional de Cuilapa, Santa Rosa, Guatemala

    OpenAIRE

    Ronald J. Ajcalon

    2017-01-01

    La insuficiencia renal aguda, es una condición común en la Unidad de Cuidados Intensivos de Adultos (UCIA) y probablemente una consecuencia de la enfermedad crítica que se asocia a resultados clínicos adversos, altos costos y una mortalidad de más del 50%, sobre todo si se requiere tratamiento de reemplazo renal. El objetivo fue determinar la incidencia de insuficiencia renal aguda en pacientes ingresados a la UCIA. El estudio fue prospectivo, longitudinal, observacional, en 101 pacientes ing...

  6. Complicaciones de rinosinusitis aguda en niños del Hospital Sótero del Río

    OpenAIRE

    Martel V,Freddy; Moreno M,Claudia; Iñiguez S,Rodrigo; Fernández G,Roberto; Rosenbiut R,Andrés

    2008-01-01

    Introducción: La rinosonusitis aguda (RSA) es frecuente en niños, respondiendo bien a tratamiento médico en la mayoría de los casos. Sin embargo puede presentar complicaciones graves a nivel orbitario e intracerebral. Objetivo: Evaluaria frecuencia, describirias características clínicas, evaluare! tratamiento y evolución de la rinosinusitis aguda complicada, en niños del Hospital Sótero del Río. Material y método: Estudio retrospectivo-descriptivo realizado en el Hospital Sótero del Río, util...

  7. Masculino de 18 años con Leucemia Linfocitica aguda y Artritis de Rodilla por Candida Tropicalis

    OpenAIRE

    Sánchez Benavides, Marvin; Bonilla Trejos, Eduardo

    2013-01-01

    Paciente masculino de 18 años, con antecedente dede Leucemia Linfoblástica Aguda B común desde hace 8 meses, quien abandonó su control y tratamiento. Consultó por cuadro hemorrágico agudo, asociado a sensación febril no cuantificada. Se documentó bicitopenia con neutropenia absoluta, motivo por el que ingresó al Servicio de Hematología, donde se consignó leucemia aguda en recaída y se inició nuevo esquema quimioterapéutico. Durante el internamiento inició con gonalgia izquierda súbita, asocia...

  8. Revisión actualizada sobre la insuficiencia renal aguda: estudio de un caso

    OpenAIRE

    Andreu Periz, Lola; Force Sanmartín, Enriqueta

    2003-01-01

    La insuficiencia renal aguda (IRA) o fracaso renal agudo es un síndrome clínico caracterizado por un deterioro brusco, frecuentemente reversible, de la función renal que provoca fallo de la homeostasia y se acompaña de retención de productos terminales del metabolismo nitrogenado, como la urea y la creatinina, junto con alteraciones del equilibrio hidroelectrolítico y ácidobase. Suele observarse oliguria (diuresis inferior a 400 ml/24 h), aunque algunas formas clínicas...

  9. Leucemia Mieloide Aguda de novo | EU Clinical Trials Register [EU Clinical Trials Register

    Lifescience Database Archive (English)

    Full Text Available te ConcernedSpain - AEMPS A.2EudraCT number2012-000233-39 A.3Full title of the trial Tratamiento de la leucemia...a A.3.1Title of the trial for lay people, in easily understood, i.e. non-technical, language Tratamiento de la leucemia...on quimioterapia distinta de hidroxiurea.Leucemia promielocítica aguda con t(15;17).Crisis blástica de la leucemia...l valor límite normal, excepto cuando la alteraciones sean atribuibles a la leucemia. Pacientes con fracción

  10. Infecciones respiratorias agudas en los niños. Posibles medidas de control

    OpenAIRE

    Mohs-Villalta, Edgar

    1985-01-01

    Artículo científico -- Universidad de Costa Rica. Instituto de Investigaciones en Salud, 1985 Las infecciones respiratorias agudas que representan el 50% aproximadamente, de los casos de enfermedades que deben notificarse a las autoridades y de las consultas pediátricas de pacientes ambulatorios en los países en desarrollo, son también una de las principales causas de las enfermedades contraídas en los hospitales y de mortalidad por enfermedades nosocomiales. En 1982, por *mph:), fueron la...

  11. Etiología de la diarrea aguda bacteriana en pacientes pediátricos ambulatorios

    OpenAIRE

    Giugno, Silvina; Oderiz, Sebastián

    2008-01-01

    La diarrea aguda es una causa importante de morbilidad y mortalidad en países en desarrollo y en pocos casos requiere tratamiento antimicrobiano. El correcto uso de éstos depende del conocimiento previo de la epidemiología local. Para conocer estos parámetros estudiamos en forma retrospectiva los resultados de las bacterias enteropatógenas aisladas en la ciudad de La Plata. Se estudiaron 7.075 muestras de materia fecal de niños ambulatorios hasta 15 a...

  12. Estudio de la recurrencia de la pancreatitis aguda litiàsica

    OpenAIRE

    Romaguera Monzonís, Andreu

    2012-01-01

    OBJETIVOS La pancreatitis aguda litiásica (PAL) es una enfermedad con tendencia a recurrir. La colecistectomía precoz (durante el mismo ingreso o antes de las dos semanas) o en determinados casos la CREP están recomendadas en la mayoría de guías clínicas, para evitar la recurrencia. Pero, el porcentaje de recurrencia y el intervalo de aparición de la misma no se conocen con exactitud. Nuestros objetivos son: 1) Determinar el porcentaje de recurrencia en nuestro entorno tras un primer episodio...

  13. Soporte nutricional en la pancreatitis aguda Artificial nutrition in acute pancreatitis

    OpenAIRE

    Garnacho Montero, J.; A. García de Lorenzo y Mateos; F. J. Ordóñez González

    2005-01-01

    Los cambios metabólicos que tienen lugar en la pancreatitis aguda originan, como en otros pacientes graves, una situación de estrés metabólico que, en muchas ocasiones, requiere la aplicación de soporte nutricional especializado. Los pacientes que presentan mayores niveles de gravedad (definida como un índice de Ranson = 3 o un APACHE II = 10) son los candidatos a recibir apoyo nutricional. La nutrición enteral debe ser la primera vía de aporte de nutrientes a considerar y debe mantenerse sal...

  14. Rinovirus: Frecuencia en niños con infección respiratoria aguda, no internados

    OpenAIRE

    Débora N. Marcone; Carmen Ricarte; Cristina Videla; Jorge Ekstrom; Guadalupe Carballal; Santiago Vidaurreta; Marcela Echavarría

    2012-01-01

    Los métodos moleculares para diagnosticar rinovirus humanos (RVH) han aumentado la sensibilidad de detección. Esto ha permitido documentar la asociación entre los RVH y las infecciones respiratorias agudas (IRA) altas y bajas. La infección por RVH durante la infancia se asoció con posterior desarrollo de asma. Se estudió la frecuencia de RVH en 186 niños menores de 6 años ambulatorios con IRA (alta o baja), durante 2 años consecutivos (1/6/2008 - 31/5/2010). Se correlacionó la presencia de RV...

  15. Pancreatitis aguda: revisión de las nuevas guías del 2013

    OpenAIRE

    Pablo Orellana Soto

    2014-01-01

    La pancreatitis aguda es una patología que se produce por una inflamación del tejido pancreático y la consecuente liberación de las enzimas producidas por este órgano. Afecta, además del tejido pancreático, tejidos cercanos, produciendo complicaciones locales, y sistemas más alejados, produciendo falla orgánica. Según la evidencia de falla orgánica persistente se define la severidad de la enfermedad. En el 2013 se publicaron las guías actualizadas sobre el diagnóstico y manejo de esta patolog...

  16. Inmunofenotipos aberrantes en leucemias agudas en una población hospitalaria de Buenos Aires

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Viviana Novoa

    2013-02-01

    Full Text Available La citometría de flujo multiparamétrica es el método de elección para la caracterización inmunofenotípica de las células hematopoyéticas clonales presentes en los distintos procesos leucémicos agudos. El objetivo fue analizar la expresión de antígenos de membrana y evaluar la presencia de fenotipos aberrantes en los blastos de pacientes con diagnóstico de leucemia aguda, que permiten el monitoreo de la respuesta al tratamiento. Se revisaron los inmunofenotipos de 364 muestras de pacientes adultos derivadas a nuestro laboratorio en un período de 7 años. El inmunofenotipo se realizó por citometría de flujo con un amplio panel de anticuerpos monoclonales con el que se evaluó la expresión de antígenos de linaje linfoide, mieloide y también antígenos de maduración. De las 364 muestras estudiadas, 60.2% presentaron un fenotipo compatible con leucemia mieloide aguda (LMA, 28.8% con leucemia linfoblástica B (LLA-B, 6.6% con leucemia linfoblástica T (LLA-T y 4.4% con leucemias agudas poco frecuentes. La presencia de fenotipos aberrantes se observó en 89% de los casos, los fenotipos aberrantes identificados fueron: 1 infidelidad de linaje: LMA (54%, LLA-B (40%, LLA-T (29%; 2 ausencia de expresión antigénica: LMA (21%, LLA-B (35%, LLA-T (70%; 3 alteración de la expresión antigénica: LMA (67%, LLA-B (66%, LLA-T (84%; 4 asincronismo madurativo: LMA (26%, LLA-B (37% y 5 fenotipo ectópico: LLA-T 96%. El análisis por citometría de flujo multiparamétrica de las leucemias agudas permitió la identificación de fenotipos aberrantes en la mayoría de nuestros pacientes, que son de utilidad para el monitoreo de la respuesta al tratamiento.

  17. Protocolo de tratamiento y resultados de pancreatitis aguda: Estudio de cohorte

    OpenAIRE

    LOSADA M,HÉCTOR; Muñoz C,César; BURGOS S,LUIS; SILVA A,JORGE

    2010-01-01

    Introducción: La pancreatitis aguda (PA) es una patología asociada a una significativa morbilidad y mortalidad. La clasificación de gravedad se basa en los criterios de Atlanta. Diversas guías clínicas han sido desarrolladas para el diagnóstico y tratamiento de esta patología. Nuestro objetivo es describir la experiencia en el diagnóstico y tratamiento de la PA y evaluar los predictores de gravedad utilizados con la morbilidad y mortalidad asociada a esta patología en un centro de referencia....

  18. PARTO PRETÉRMINO Y SUFRIMIENTO FETAL SECUNDARIOS A PERITONITIS POR APENDICITIS AGUDA PERFORADA

    OpenAIRE

    Hidalgo M,Juan José; Molina P,Marta; Varo GM,Begoña; Rivas R,Salvador; Bernabeu A,José Ramón; Perales M,Alfredo

    2009-01-01

    La apendicitis aguda es la urgencia quirúrgica no obstétrica más frecuente durante el embarazo. Se ha asociado a parto pretérmino y a morbimortalidad fetal y materna, especialmente cuando se complica con peritonitis. Los cambios anatómicos, fisiológicos y bioquímicos que se producen durante la gestación pueden alterar los síntomas y signos típicos asociados a la apendicitis. Esto puede retrasar el diagnóstico y dar lugar a un aumento de la morbimortalidad materna y fetal. Presentamos el caso ...

  19. Síndrome de Gradenigo y trombosis de seno cavernoso secundaria a otitis media aguda

    OpenAIRE

    Pelegrín Hernández, Juan Pablo; Díaz Manzano, José A.; Menasalvas Ruíz, Ana I.; Hellín Meseguer, Diego

    2012-01-01

    [ES] El síndrome de Gradenigo se caracteriza por dolor facial en la zona inervada por el trigémino y una oftalmoplejía externa unilateral (parálisis del VI par craneal) secundaria a petrositis apical aguda, por complicación evolutiva de una otitis media. Se trata de una complicación grave que requiere de un tratamiento inmediato para evitar secuelas permanentes y puede asociarse a otras complicaciones intracraneales como la trombosis del seno cavernoso. Presentamos el caso de un varón de 4 añ...

  20. Diarrea aguda en trasplantes renales y reno-pancreáticos

    OpenAIRE

    2015-01-01

    La diarrea es una complicación frecuente y potencialmente grave del trasplante renal. Se describen aquí, en un estudio de corte transversal, las características epidemiológicas y microbiológicas de la diarrea aguda y persistente en pacientes internados con trasplante renal o reno-páncreas. Se incluyeron 52 pacientes internados en un hospital de la Ciudad de Buenos Aires, 42 (80.8%) habían recibido un trasplante renal y 10 (19.2%) reno-páncreas. La diarrea fue el motivo de ingreso en 34 casos ...

  1. Tratamiento medicoquirúrgico en la enfermedad inflamatoria pélvica aguda

    OpenAIRE

    Rosalba Roque González; Evelio Ramírez Hernández; Armando Leal Mursulí; Hernán Pérez Oramas; Nélida Ramos Díaz; Esteban Goitizolo Vildostegui

    2000-01-01

    Se revisaron 267 historias clínicas de pacientes ingresadas de urgencia con el diagnóstico de enfermedad inflamatoria pélvica aguda que aparece frecuentemente entre los 15 y 24 años de edad. El dolor abdominal, la leucorrea y la leucocitosis, constituyen los síntomas, signos y resultados de laboratorio más frecuentes de esta entidad. Los medios diagnósticos más utilizados fueron el ultrasonido y la laparoscopia. Los hallazgos laparoscópicos fueron confirmados en el acto quirúrgico en la mayor...

  2. Sialadenitis submandibular supurada aguda neonatal. Reportes de la literatura, periodo 1950-2015

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manuel Díaz Álvarez

    2016-09-01

    Conclusiones: La sialadenitis submandibular supurada aguda neonatal es una infección poco común que presenta características clínicas similares a través de los años. Como característica microbiológica, esta infección es habitualmente ocasionada por Staphylococcus aureus aunque en los últimos 16 años involucra algunos Staphylococcus aureus resistentes a meticilina. Por lo general, evoluciona de manera favorable con tratamiento temprano y apropiado.

  3. Intoxicación aguda por plaguicidas en edades pediátricas. Guatemala, 2011

    OpenAIRE

    Mario Enrique Pla Acevedo; Eddy Mario Collejo Acevedo; Odalis Elena Acevedo Tristá; Learelis Fernández Cruz; Yanet Marbelis Pla Acevedo

    2015-01-01

    Se realizó un estudio descriptivo retrospectivo de la Intoxicación Aguda por plaguicidas en edades pediátricas en Guatemala, que abarcó el  período de enero hasta diciembre del 2011. La muestra estuvo comprendida por 457 pacientes en edades pediátricas. Se analizaron las variables: edad y sexo, actividad que realizaba en el momento de la intoxicación, tipo de plaguicida, severidad, utilización de equipos de protección y lugar de asistencia médica. Las variables para el análisis de los indicad...

  4. Ensayo con el azacyclonol en algunas reacciones psicóticas agudas

    OpenAIRE

    Jerí, Raúl; Facultad de Medicina, Universidad Nacional Mayor de San Marcos, Lima, Perú; Sánchez, José; Facultad de Medicina, Universidad Nacional Mayor de San Marcos, Lima, Perú; Arellano, Alejandro; Facultad de Medicina, Universidad Nacional Mayor de San Marcos, Lima, Perú

    2014-01-01

    Se presentan en esta comunicación los primeros resultados de un ensayo con el azacyclonol en algunas reaccionas psicóticas agudas. El azacyclonol es una de las drogas más recientes para el tratamiento de las psicosis. Tiene acción sobre el sistema nervioso central, inhibiendo probablemente la serotonina y por tanto produce efectos similares a la reserpina y a la clorpromazina. La actividad fundamental consiste en que anula las alteraciones clínicas y bio-eléctricas producidas por las drogas a...

  5. Meningitis aguda por Streptococcus Constellatus: a propósito de un caso fatal

    OpenAIRE

    Maikel Vargas Sanabria; Rodolfo Guzmán Cervantes

    2011-01-01

    Se presenta el caso de un paciente masculino de 14 años, con el único antecedente de sinusitis resuelta hacía un año, que desarrolló de nuevo una pansinusitis y una meningitis aguda que lo llevó en diez días a la muerte. Durante su estancia hospitalaria no fue posible determinar el agente etiológico, sin embargo los cultivos post mortem demostraron que el microorganismo presente era Streptococcus constellatus un comensal habitual de las mucosas del ser humano, del cual se han descrito muy poc...

  6. Função pulmonar de crianças com leucemia aguda

    OpenAIRE

    Macedo, Thalita Medeiros Fernandes de

    2012-01-01

    Introdução: As leucemias constituem a doença maligna mais frequente em crianças e adolescentes. Com a melhora no prognóstico, surge a necessidade de considerar a morbidade que os protocolos utilizados geram nas crianças em tratamento. Objetivo: Avaliar a função pulmonar de crianças com leucemia aguda. Método: Trata-se de um estudo observacional do tipo analítico transversal. Foram avaliadas 34 crianças, alocadas nos grupos A e B. O grupo A foi formado por 17 crianças com leu...

  7. Gastroenterite aguda e malnutrição no terceiro mundo

    OpenAIRE

    Silva, Ana Rita Gonçalves Pereira da

    2015-01-01

    Trabalho final de mestrado integrado em Medicina (Pediatria), apresentado à Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra. Introdução. A Gastroenterite aguda (GEA) continua a ser das maiores causas de morbilidade e mortalidade pediátrica mundial, a par da malnutrição, principalmente na Ásia e África. A falta de dados relativos à sua incidência e factores de risco, especialmente em áreas rurais, levou á realização deste estudo. Material e métodos. De Janeiro a Junho de 2014, foram col...

  8. Subtipos moleculares de PML/RARα en pacientes con leucemia promielocítica aguda

    OpenAIRE

    2013-01-01

    El objetivo fue describir la frecuencia de los subtipos moleculares de PML/RARα en pacientes con leucemia promielocítica aguda (LPA) y su distribución según grupo de riesgo de recaída y citomorfología. Se realizó una serie de casos que incluyó a cincuenta pacientes registrados en el Instituto Nacional de Enfermedades Neoplásicas (INEN), durante el periodo 2010-2012, con diagnóstico molecular de LPA PML/RARα y subtipos bcr1, bcr2 y bcr3 por reacción en cadena de la polimerasa con transcriptasa...

  9. Canticum Novum: música sem palavras e palavras sem som no pensamento de Santo Agostinho

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lorenzo Mammì

    2000-04-01

    Full Text Available NO De Magistro, Santo Agostinho coloca a reza e o canto numa posição similar, à margem das funções imediatamente comunicativas da linguagem. A reflexão agostiniana sobre a reza se baseia nos hábitos cristãos da leitura, da oração e da meditação silenciosas. Há sobre o canto, na prática igualmente inovadora do jubilus, melodia sem palavra destinada aos momentos mais intensos e gaudiosos da liturgia. A oração silenciosa e o jubilus são temas recorrentes da literatura patrística, mas Agostinho os aborda de maneira original, desenhando, a partir das palavras sem som da oração e do som sem palavra do jubilus, o perfil de um discurso interior, que não se destina aos homens, mas a Deus.IN HIS De Magistro Saint Augustine places prayer and song on a similar level, alongside the language immediately communicative functions. His considerations on prayer are grounded on the Christian habits of silent reading, prayer and meditation; those on song, on the equally innovating practice called jubilus, which is melody without words designed for the intensest and most joyous liturgical moments. Silent prayer and jubilus are recurring topics in patristic literature, but Augustine deals with them in an original way, drawing from the soundless words of prayer and the wordless sound of jubilus an inner discourse, addressed not to men but to God.

  10. Intoxicação experimental aguda por samambaia (Pteridium aquilinum em bovinos Experimental acute poisoning by bracken fern (Pteridium aquilinum in cattle

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruno L. Anjos

    2009-09-01

    Full Text Available Este experimento foi delineado para investigar os seguintes pontos em relação à intoxicação aguda por samambaia (Pteridium aquilinum em bovinos: 1 a intensidade da trombocitopenia em diferentes momentos da intoxicação e sua relação com possíveis déficits na hemostasia secundária, 2 a relação da neutropenia com as manifestações morfológicas de septicemia ocasionalmente observadas na necropsia, e 3 o mecanismo da anemia e sua relação com a perda de sangue, a vida média eritróide e a evolução da doença. As hastes superiores mais verdes de P. aquilinum foram administradas a quatro bovinos sem raça definida, com idade média de 1,5 ano e pesos entre 190-215 kg. Um bovino de idade e peso semelhantes foi usado como controle e, exceto por não ter recebido P. aquilinum, foi mantido nas mesmas condições que os outros quatro. Os quatro bovinos que receberam a planta morreram com quadro característico da intoxicação aguda por samambaia após receberem durante 53-58 dias, doses diárias de 8,0, 8,6, 10,2 e 10,6g/kg de peso corporal, que totalizaram, ao final do experimento, respectivamente, 112,7, 107,6, 85,7, 90,15 kg da planta, o que corresponde, respectivamente, a 59,3%, 63,3%, 47,4%, 47,5% da planta em relação ao peso dos bovinos. A doença caracterizou-se por febre de até 42,5°C e diversos graus de hemorragias observadas clinicamente, na necropsia e na histopatologia. A morte ocorria 6-7 dias após o início do quadro febril. As alterações hematológicas revelaram trombocitopenia e neutropenia acentuadas. Em dois dos quatro bovinos havia anemia leve. Não houve variações significativas nos tempos de coagulação dos bovinos intoxicados, quando avaliados os fatores de coagulação (secundária, excluindo-se assim a possibilidade da participação de distúrbios da hemostasia secundária na patogênese das hemorragias nessa intoxicação. A determinação dos produtos da degradação da fibrina no soro revelou dados

  11. Rapid evaluation of particle properties using inverse SEM simulations

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Bekar, Kursat B [ORNL; Miller, Thomas Martin [ORNL; Patton, Bruce W [ORNL; Weber, Charles F [ORNL

    2017-01-01

    The characteristic X-rays produced by the interactions of the electron beam with the sample in a scanning electron microscope (SEM) are usually captured with a variable-energy detector, a process termed energy dispersive spectrometry (EDS). The purpose of this work is to exploit inverse simulations of SEM-EDS spectra to enable rapid determination of sample properties, particularly elemental composition. This is accomplished using penORNL, a modified version of PENELOPE, and a modified version of the traditional Levenberg Marquardt nonlinear optimization algorithm, which together is referred to as MOZAIK-SEM. The overall conclusion of this work is that MOZAIK-SEM is a promising method for performing inverse analysis of X-ray spectra generated within a SEM. As this methodology exists now, MOZAIK-SEM has been shown to calculate the elemental composition of an unknown sample within a few percent of the actual composition.

  12. Retinopatia de Purtscher-like e pancreatite aguda Purtscher-like retinopathy and acute pancreatitis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kelly Fernandes de Paula Rodrigues

    2008-04-01

    Full Text Available Retinopatia de Purtscher-like é uma baixa súbita da visão associada à imagem de múltiplas áreas branco-amareladas (manchas algodonosas e hemorragias no pólo posterior de ambos os olhos. O exato mecanismo da injúria ainda não é claro, mas provavelmente seria de natureza embólica.Tem sido descrita em uma variedade de condições, incluindo pancreatite aguda, síndrome de embolia gordurosa, insuficiência renal, nascimento (parto e pós-parto, desordens do tecido conectivo, entre outras. Serão relatados três casos de pancreatite aguda confirmada pelos exames laboratoriais e história clínica, associadas a alterações no exame do fundo de olho, compatíveis com esta retinopatia.Purtscher-like retinopathy is acute loss of vision associated image of the multiple areas of retinal whitening and hemorrhage in the posterior pole of both eyes. The exact mechanism of injury remains unclear, current evidence suggests that it is embolic in nature. In a variety of conditions are been described including acute pancreatitis, fat embolism syndrome, renal failure, childbirth, and connective tissue disorders. Will are related three cases of the acute pancreatitis which was confirmed by complementary laboratory studies and clinical history, associated from exam of the fundus of the eye, similar is this retinopathy.

  13. Intoxicación aguda por plaguicidas en edades pediátricas. Guatemala, 2011

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mario Enrique Pla Acevedo

    2015-11-01

    Full Text Available Se realizó un estudio descriptivo retrospectivo de la Intoxicación Aguda por plaguicidas en edades pediátricas en Guatemala, que abarcó el  período de enero hasta diciembre del 2011. La muestra estuvo comprendida por 457 pacientes en edades pediátricas. Se analizaron las variables: edad y sexo, actividad que realizaba en el momento de la intoxicación, tipo de plaguicida, severidad, utilización de equipos de protección y lugar de asistencia médica. Las variables para el análisis de los indicadores fueron obtenidas por el Centro Nacional de Epidemiología. Como resultados fundamentales se observó que la Intoxicación Aguda por plaguicidas afectó principalmente al grupo de edades entre 17 y 19 años. El sexo masculino fue el más perjudicado, el mayor porciento de afectados, según causa, fue accidente de trabajo, con un 68% del total de casos; el tipo de plaguicida más utilizado que provocó intoxicación fue el paraquat; predominó la forma severa en los que no usaron medios de protección y el  lugar de atención médica y de notificación correspondió al hospital.

  14. Glomerulonefritis aguda con énfasis en compromiso rápidamente progresivo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Fernando Huertas

    2011-11-01

    Full Text Available Las glomerulonefritis agudas (GNA constituyen un amplio grupo de enfermedades con la característica común de sucomienzo brusco y la proliferación de las células endocapilares del glomérulo. Clínicamente se manifestan como síndromenefrítico agudo: hematuria, insuficiencia renal aguda, hipertensión y proteinuria moderada, aunque pueden debutar comohematuria recurrente. Las GNA se pueden presentar en asociación con una variedad de infecciones bacterianas, víricas,micóticas y parasitarias, pero en la mayoría de los casos el estímulo antigénico inicial es desconocido. Los pacientes conglomerulonefritis rápidamente progresiva a menudo se presentan con aparición brusca de síntomas de la nefritis, comoazoemia, oliguria, edema, hipertensión, proteinuria y hematuria con un «sedimento urinario activo» que suele contenercilindros hemáticos, pigmentados y restos celulares. EscucharLeer fonéticamenteEn este artículo, dirigido a todo el personalde atención primaria y buscando aumentar su sensibilización hacia esta enfermedad, se exponen con mayor detalle la clínica,la etiopatogenia, la anatomía patológica y los tratamientos disponibles de una de las glomerulonefritis con mayor impactoen la sobrevida renal y del paciente.

  15. Mielopatia transversa em adulto portador de leucemia aguda linfoblástica: relato de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Brito José Correia de Farias

    2001-01-01

    Full Text Available Relatamos um caso de mielopatia transversa aguda em paciente masculino de 31 anos de idade, branco, portador de leucemia aguda linfoblástica, subtipo L3 (LLA-L3. Esta é uma forma grave de leucemia e compromete mais crianças em relação aos adultos. Menos de 1% dos pacientes leucêmicos apresentam complicações espinais. No paciente em estudo, a sintomatologia instalou-se de modo abrupto e com as seguintes características: dores nas costas, paraplegia crural flácida e perda das funções sensitivas e vegetativas abaixo do segmento afetado. O diagnóstico etiológico foi estabelecido após a realização dos seguintes exames: hemograma, mielograma, análise do líquido cefalorraqueano e ressonância magnética de coluna dorsal. Foi instituído tratamento específico, que não interferiu com a evolução fatal da doença.

  16. Transitividade dos verbos alternantes: uma proposta semântica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Larissa CIRÍACO

    2009-12-01

    Full Text Available Este artigo traz uma proposta semântica para se classificar os verbos alternantes quanto a sua transitividade. Parte-se de uma análise das propriedades semântico-lexicais acarretadas pelos verbos causativos do Português Brasileiro, assumindo-se ser a transitivi­dade um fenômeno de interface entre a sintaxe e a semântica lexical. A proposta mostra não só a propriedade semântica relevante para a transitividade, mas também os processos gerais responsáveis pelas alternâncias verbais.

  17. O líquido cefalorraqueano nas encefalites psicóticas azotêmicas agudas (marchand

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J. Baptista dos Reis

    1948-09-01

    Full Text Available Examinado o líqüido cefalorraqueano de 11 pacientes portadores de encefalite psicótica aguda de Marchand, os autores verificaram constante elevação das taxas de cloretos, glicose e uréia. Tais elementos constituem, pois, uma síndrome humoral peculiar a essa entidade mórbida.

  18. CONOCIMIENTOS Y PRÁCTICAS DE INFECCIONES RESPIRATORIAS Y ENFERMEDADES DIARREICAS AGUDAS EN MADRES DE UNA COMUNIDAD DE PIURA, PERÚ

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mario J. Valladares Garrido

    2016-07-01

    Full Text Available Objetivo: Determinar conocimientos y prácticas frente a enfermedades diarreicas agudas (IRAS y las infecciones respiratorias agudas (EDAS antes y después de una intervención educativa. Material y Métodos: Se realizó un estudio de intervención en un centro de salud de Piura aplicando un cuestionario a 60 madres, el cual estuvo constituido por 40 preguntas y dividido en 4 secciones: datos sociodemográficos maternos y del niño, signos de alarma y prácticas de IRAS y EDAS, y conocimiento sobre IRAS. Resultados: De 60 madres participantes del estudio, la mayoría presentó un deficiente conocimiento sobre IRAS (75%. Los signos de alarma menos reconocidos antes de la intervención fueron la presencia de sangre en deposiciones (11,7%, beber mal o no poder beber (13,3% y tiraje subcostal (8,3% y silbido de pecho (15%. Los signos más reconocidos post intervención fueron respiración rápida (86,7%, diarreas acuosas (88,3% y ojos hundidos (83,3%. Conclusión: Se presentó poco reconocimiento de los signos de alarma de IRAS y EDAS en las madres antes de la intervención educativa. Palabras clave: conocimientos, prácticas, infecciones respiratorias agudas, enfermedades diarreicas agudas. (DeCS

  19. Insuficiência renal aguda como manifestação inicial de linfoma de Burkitt renal

    OpenAIRE

    Carvalho,José Gastão Rocha de; Tafarel,Jean Rodrigo; Carvalho,Wilson Beleski de; Azambuja,Ana Paula; Zenaro,Elicéia Soraia; Bendlin, Rodrigo

    2006-01-01

    Relatamos o caso de um jovem de 14 anos que procurou atendimento médico por edema e hipertensão, sendo insuficiência renal aguda secundária a linfoma de Burkitt renal diagnosticada após avaliação laboratorial, de imagem e biópsia de massa tumoral renal.

  20. Encefalopatia hipóxico-isquêmica em recém-nascidos a termo: aspectos da fase aguda e evolução Perinatal hypoxic-ischemic encephalopathy: acute period and outcome

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina A. R. Funayama

    1997-01-01

    Full Text Available Noventa e quatro recém-nascidos com encefalopatia hipóxico-isquêmica (EHI, atendidos no Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto desde 1982, foram avaliados evolutivamente na fase aguda e por período médio de 47 meses. De 43 casos com EHI 1,40 se recuperaram em 96 horas e 3 faleceram. Dos 40 com EHI II, 37,5% se recuperaram até o sétimo dia e demais permaneceram com alterações. Os 11 casos com grau III faleceram até o segundo mês de vida. As crianças com EHI grau I não apresentaram seqüelas motoras. Do grupo com EHI grau II 34,5% apresentaram paralisia cerebral e 17,7% atraso neuromotor. 80% dos casos com sequela apresentaram exame neurológico anormal além do sétimo dia, na fase aguda da EHI. Epilepsia ocorreu em 17,5% dos casos com EHI grau II e somente no grupo com seqüelas motoras. Teste de QI não evidenciou diferença significativa entre os grupos com grau I, II sem seqüelas motoras e o grupo controle. Com esses dados os autores reafirmaram a importância prognostica da evolução da EHI na fase aguda.Ninety four neonates with hypoxic ischemic encephalopathy HIE attended at the University of Ribeirão Preto since 1982 were studied in terms of the neurological alterations during the acute phase and outcome over a mean period of 47 months. From 43 newborns with HIE I, 40 recovered within 96 hours and 3 died. Among 40 infants with HIE II, 37.5% recovered within the first week, and the others continued abnormal beyond the 7th day. All 11 infants with HIE III died before the second month of life. The HIE I group had no motor sequelae. Among the HIE II group, 34.5% showed cerebral palsy and 17.7% neuromotor retardation. 80.0% of those with sequelae persisted abnormal beyond 7th day of life, during the acute phase of the HIE. Epilepsy occurred in 17.5% of cases with HIE grade II, only among those with neuromotor sequelae. The 1Q test did not show statistically significant difference between the HIE I, II without motor sequelae

  1. Características clínicas da fase aguda da infecção experimental de felinos pelo vírus da imunodeficiência felina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.S. Zanutto

    2011-03-01

    Full Text Available A infecção dos felinos pelo Vírus da Imunodeficiência Felina (FIV resulta no desenvolvimento da síndrome de imunodeficiência dos felinos. Gengivite, perda de peso, linfadenomegalia generalizada, anemia, insuficiência renal crônica, complicações neurológicas, diarréia crônica e infecções bacterianas são encontradas frequentemente. A fase aguda da infecção pode ser assintomática, retardando o estabelecimento do diagnóstico e a implantação de medidas profiláticas para restringir o contágio e a transmissão do agente aos felinos suscetíveis. Com a finalidade de estudar as características clínicas da fase aguda da infecção, dez felinos jovens, sem definição racial, com oito meses de idade foram inoculados por via endovenosa com 1mL de sangue venoso de um gato portador do FIV subtipo B. A confirmação da infecção foi obtida através de teste sorológico em quatro e oito semanas pós-inoculação (p.i. e por nested-PCR. Foram realizados hemogramas semanais, exame ultrassonográfico do abdômen quinzenais e exame oftalmológico mensal, durante doze semanas p.i. Discreta tendência a linfopenia na segunda semana p.i. e a neutropenia entre a quinta e sétima semana p.i., febre intermitente em alguns gatos, linfadenomegalia e hepato-esplenomegalia entre a quarta e a 12ª semana p.i. foram as alterações clínicas observadas. Apenas um gato apresentou uveíte unilateral direita. A fase aguda da infecção transcorreu com alterações clínicas inespecíficas. A linfadenomegalia e a hepato-esplenomegalia observadas no decorrer da infecção, refletindo hiperplasia linfóide, sugerem a necessidade de se realizar o teste sorológico para o FIV, em todos os gatos que se apresentarem com essas alterações, o que permitirá o diagnóstico precoce da infecção e a adoção de medidas profiláticas no sentido de minimizar a propagação da infecção.

  2. Mobilização precoce na fase aguda da trombose venosa profunda de membros inferiores Early mobilization in acute stage of deep venous thrombosis of the lower limbs

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Geane de Souza Penha

    2009-03-01

    Full Text Available O tratamento convencional da trombose venosa profunda na fase aguda consiste em restrição ao leito. Porém, estudos recentes contestam essa abordagem terapêutica, enfatizando que a mobilização precoce propicia resultados clínicos favoráveis. O objetivo deste estudo foi pesquisar em literatura científica, principalmente ensaios clínicos controlados, sobre a mobilização precoce de pacientes portadores de trombose venosa profunda de membros inferiores na fase aguda. Utilizou-se como estratégia de pesquisa o site PubMed para a busca de estudos relacionados à mobilização precoce, deambulação e trombose venosa profunda na fase aguda. Os artigos consultados abrangeram o período de 1992 a 2007. Em todos os estudos, a mobilização precoce esteve associada à heparina de baixo peso molecular e a terapia de compressão. Estudos avaliados nesta revisão têm demonstrado os benefícios na redução da dor e edema, com melhora da qualidade de vida, pela estratégia terapêutica de mobilização precoce em combinação com anticoagulação e compressão da perna na trombose venosa profunda, sem que ocorra maior risco de desfechos relevantes, como embolia pulmonar e morte.Conventional treatment of deep venous thrombosis in the acute phase includes bed rest. However, recent studies have challenged such therapeutic approach, emphasizing that early mobilization provides favorable clinical outcomes. This study aimed at finding qualified scientific studies, especially controlled clinical trials, on early mobilization of patients with acute deep venous thrombosis of the lower limbs. PubMed was used to search for articles related to early mobilization, ambulation and acute deep venous thrombosis. Articles covered the period from 1992 to 2007. In all studies, early mobilization was associated with low molecular weight heparin and compression therapy. Studies evaluated in this review showed benefits in reducing pain and edema, with improvement in

  3. Anestesia para correção cirúrgica de fístula de artéria coronária sem circulação extracorpórea: relato de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raquel Reis Soares

    2011-12-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Descrita em 1865 por Krause ¹, a fístula de artéria coronária comunicando-se com cavidades cardíacas, artéria pulmonar ou seio coronário é muito rara. Representa 0,2% a 0,4 % das cardiopatias congênitas e 0,1% a 0,2% da população adulta submetida a angiografias coronarianas ². O objetivo deste relato é apresentar anestesia para cirurgia de fechamento de fístula coronária em procedimento eletivo, considerando suas particularidades. RELATO DE CASO: Paciente do sexo masculino com 59 anos, cuja fístula coronária foi diagnosticada durante investigação clínica de dor torácica progressiva e dispneia de longa data. O paciente foi submetido a uma correção cirúrgica de fístula de artéria coronária sob anestesia geral sem a utilização de circulação extracorpórea (CEC.O paciente evoluiu sem intercorrências, tendo alta hospitalar com melhora clínica em sete dias de pós-operatório. CONCLUSÕES: A fístula coronária é afecção rara, mas o anestesiologista pode deparar com esse tipo de paciente em situações distintas. É importante compreender sua fisiopatologia para abordar adequadamente o paciente no perioperatório, favorecendo seu melhor prognóstico.

  4. Associação de diferentes medidas e índices antropométricos com a carga aterosclerótica coronariana Association of different anthropometric measures and indices with coronary atherosclerotic burden

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patricia Chagas

    2011-11-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A associação entre parâmetros antropométricos e carga aterosclerótica ainda não está bem estabelecida e poucos estudos na literatura abordam esse tema. OBJETIVO: Avaliar a associação de diferentes parâmetros antropométricos com a carga aterosclerótica coronariana. MÉTODOS: Participaram do estudo pacientes adultos submetidos à cineangiocoronariografia. Dados sociodemográficos e fatores de risco cardiovasculares foram coletados em um questionário padronizado. Foram medidos peso, altura, circunferência da cintura (CC, circunferência abdominal (CABD, circunferência do quadril (CQ e circunferência do pescoço (CP, com o cálculo do índice de massa corporal (IMC e das relações cintura-quadril (RCQ, circunferência abdominal-quadril (RCABDQ e cintura-altura (RCALT. A carga aterosclerótica coronariana na cineangiocoronariografia foi medida pelo Escore de Friesinger (EF. Aterosclerose significativa foi considerada quando o EF > 5. RESULTADOS: A amostra foi constituída por 337 pacientes, dos quais 213 eram homens (63,2%. A idade média foi de 60,1 ± 10 anos. Somente a RCQ (r = 0,159 e p = 0,003 apresentou correlação linear significativa com a carga aterosclerótica coronariana medida pelo EF. Quando separamos a amostra por gênero, nas mulheres encontramos correlação significativa da RCABDQ (r = 0,238 e p = 0,008 e da RCQ (r = 0,198 e p = 0,028 com o EF. Não se encontrou nos homens correlação entre parâmetros antropométricos e EF. Após os ajustes para as variáveis sexo, idade, HAS, tabagismo e DM, nenhum parâmetro antropométrico foi associado com a carga aterosclerótica coronariana medida pelo EF na amostra total ou separada por gênero. CONCLUSÃO: Nenhum parâmetro antropométrico foi fator de risco independente para a carga aterosclerótica coronariana.BACKGROUND: The association between anthropometric parameters and atherosclerotic burden is not well established and few studies have addressed this

  5. Indicaciones y resultados de la colecistostomía percutánea como opción terapéutica en la colecistitis aguda

    OpenAIRE

    Molina Rodríguez, José Luis

    2013-01-01

    Introducción La colecistitis, una enfermedad resultante de las complicaciones de la colelitiasis, puede ocurrir en dos maneras: aguda o crónica. La colecistitis aguda requiere un tratamiento urgente, normalmente con antibióticos seguidos de colecistectomía. Si la colecistectomía urgente no puede realizarse, la operación puede diferirse hasta que esté resuelto el episodio agudo y realizarse entonces de manera electiva (1). La causa más frecuente de la colecistitis aguda es la impactación...

  6. Fatores de risco pré-operatórios para o desenvolvimento de Insuficiência Renal Aguda em cirurgia cardíaca Preoperative risk factors for the development of Acute Renal Failure in cardiac surgery

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Claudia Kochi

    2007-03-01

    Full Text Available OBJETIVO:Avaliar os fatores de risco clínicos pré-cirurgicos para o desenvolvimento de Insuficiência Renal Aguda (IRA em pacientes submetidos à cirurgia cardíaca. MÉTODO: Foram estudados, de modo prospectivo, 150 pacientes submetidos à cirurgia cardíaca, durante 21 meses consecutivos, havendo um leve predomínio de homens (57%, idade média de 56 ± 15 anos, sendo que 66% apresentavam insuficiência coronariana como principal diagnóstico e 34% valvulopatias. A mediana da creatinina sérica no período pré-operatório foi de 1,1 mg/dl. IRA foi definida como elevação de 30% da creatinina sérica basal. O protocolo de variáveis clínicas teve seu preenchimento iniciado 48 horas antes do procedimento cirúrgico e encerrado 48 horas após o mesmo, incluindo variáveis cardiológicas e não-cardiológicas, além de resultados laboratoriais. RESULTADOS: A IRA esteve presente em 34% dos casos. Após análise multivariada, presença de doença vascular periférica foi fator pré-operatório identificado. CONCLUSÃO: Os resultados obtidos nesse estudo permitiram sinalizar alguns fatores contributivos para o desenvolvimento de IRA em cirurgia cardíaca, o que pode possibilitar condutas clínicas simples para evitar a disfunção renal nestas situações e, conseqüentemente, redução da taxa de mortalidade. No presente trabalho, o tamanho da amostra talvez tenha impedido a identificação de outros fatores de risco significativos.OBJECTIVE: To evaluate clinical risk factors for the development of Acute Renal Failure (ARF in patients who undergo cardiac surgery. METHOD: Over a period of 21 consecutive months, one hundred and fifty patients who underwent cardiac surgery were studied. There was a slight prevalence of men (57% and the average age was 56 ± 14.8 years. Sixty-six percent presented with coronary artery disease as the main diagnosis and 34% valvular heart disease. The median preoperative serum creatinine was 1.1 mg/dL. ARF was

  7. Dispnéia aguda e morte súbita em paciente com má percepção da intensidade da obstrução brônquica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    SOUZA-MACHADO ADEMIR

    2001-01-01

    Full Text Available Asmáticos com doença grave e má percepção da intensidade da obstrução brônquica provavelmente apresentam risco elevado de morte por asma. Os autores descrevem o caso de uma mulher de 52 anos com asma, cujos testes, em um estudo prospectivo para identificação de pacientes com percepção alterada da intensidade da obstrução brônquica, haviam mostrado o escore mínimo da escala visual analógica na presença de VEF1 e PFE matinal reduzidos. Após o estudo, a paciente voltou ao ambulatório sem queixas e com exame físico normal, relatando estar sem uso de nenhuma medicação e, abruptamente, ainda no ambulatório, desenvolveu dispnéia não reversível. A má percepção da intensidade da obstrução brônquica provavelmente concorreu para a insuficiência respiratória aguda e a morte da paciente.

  8. Doença arterial coronariana subclínica em pacientes com Diabetes Mellitus tipo 1 em hemodiálise Enfermedad arterial coronaria subclínica en pacientes con Diabetes Mellitus tipo 1 en hemodiálisis Subclinical coronary artery disease in patients with type 1 Diabetes Mellitus undergoing hemodialysis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dinaldo Cavalcanti de Oliveira

    2009-07-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A aterosclerose ocorre mais cedo em pacientes com diabetes mellitus tipo 1 (DM-1 e a doença arterial coronariana (DAC constitui a mais importante causa de morte. OBJETIVO: Avaliar a prevalência e as características anatômicas da DAC em pacientes com DM-1 e insuficiência renal crônica, submetidos à diálise. MÉTODOS: Este é um estudo descritivo de 20 pacientes com DM-1 submetidos à diálise sem DAC conhecida. A DAC foi avaliada através de angiografia coronariana quantitativa (ACQ e ultra-som intravascular (USIV. A ACQ foi realizada em todas as lesões >30%, visualmente Todos os segmentos proximais de 18 mm das artérias coronárias foram analisados por USIV. Todos os outros segmentos coronarianos com estenose >30% também foram analisados. RESULTADOS: A angiografia detectou 29 lesões >30% em 15 pacientes (75%. Onze (55% das lesões eram >50% e 10 (50% >70%. Treze pacientes tiveram as 3 principais artérias avaliadas pelo USIV. A aterosclerose estava presente em todos os pacientes e em todos os 51 segmentos proximais de 18 mm analisados. Esses segmentos significam que a medida do diâmetro dos vasos apresentava-se significantemente maior no USIV do que na ACQ, em todos os vasos. As imagens do ISIV de 25 (86,2% das 29 lesões >30% foram obtidas. Placas fibróticas eram comuns (48% e 60% apresentavam remodelamento intermediário de vasos. CONCLUSÃO: A DAC estava presente em todos os vasos de todos os pacientes com diabete tipo 1 submetidos a hemodiálise. Esses achados estão de acordo com outros estudos de autópsia, angiografia e USIV. Além disso, eles indicam a necessidade de estudos adicionais epidemiológicos e de imagem, para um melhor entendimento e tratamento de uma condição clínica complexa e grave que afeta jovens indivíduos.FUNDAMENTO: La aterosclerosis ocurre más temprano en pacientes con diabetes mellitus tipo 1 (DM-1 y la enfermedad arterial coronaria (EAC constituye la más importante causa de muerte

  9. Insuficiencia renal aguda en pacientes de la Unidad de Cuidados Intensivos, Hospital Regional de Cuilapa, Santa Rosa, Guatemala

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ronald J. Ajcalon

    2017-03-01

    Full Text Available La insuficiencia renal aguda, es una condición común en la Unidad de Cuidados Intensivos de Adultos (UCIA y probablemente una consecuencia de la enfermedad crítica que se asocia a resultados clínicos adversos, altos costos y una mortalidad de más del 50%, sobre todo si se requiere tratamiento de reemplazo renal. El objetivo fue determinar la incidencia de insuficiencia renal aguda en pacientes ingresados a la UCIA. El estudio fue prospectivo, longitudinal, observacional, en 101 pacientes ingresados en la UCIA del Hospital Regional de Cuilapa. Se diagnosticaron 101 pacientes durante el periodo de estudio con insuficiencia renal aguda represento el 27.4% del total de pacientes internados (368 en el servicio en un año. La incidencia de mortalidad en pacientes que requieren terapia de reemplazo renal y se encuentran en ventilación mecánica es del 100%. Del total de pacientes estudiados, según la escala Akin, se encontró que el 49.5% de los pacientes correspondían a grado II, aunque el grado I también fue frecuente (29%, y que el 22 % de los pacientes correspondían a grado III. La patología que mayormente se asoció al desarrollo de insuficiencia renal aguda fue sepsis grave con un 31%, seguido de pacientes sometidos a cirugía mayor e hipovolemia con el 21 y 18% respectivamente. Se halló una incidencia aumentada de insuficiencia renal aguda comparado con estadísticas internacionales, cuya etiología fue mayormente causada por procesos sépticos.

  10. Connecting SEM Analysis and Profile Analysis via MDS.

    Science.gov (United States)

    Kim, Se-Kang; Davison, Mark L.

    This study was designed to explain how Profile Analysis via Multidimensional Scaling (PAMS) could be viewed as a structural equations model (SEM). The study replicated the major profiles extracted from PAMS in the context of the latent variables in SEM. Data involved the Basic Theme Scales of the Strong Campbell Interest Inventory (Campbell and…

  11. Structural Equations and Causal Explanations: Some Challenges for Causal SEM

    Science.gov (United States)

    Markus, Keith A.

    2010-01-01

    One common application of structural equation modeling (SEM) involves expressing and empirically investigating causal explanations. Nonetheless, several aspects of causal explanation that have an impact on behavioral science methodology remain poorly understood. It remains unclear whether applications of SEM should attempt to provide complete…

  12. Web semántica y servicios web semanticos

    OpenAIRE

    Marquez Solis, Santiago

    2007-01-01

    Des d'aquest TFC volem estudiar l'evolució de la Web actual cap a la Web Semàntica. Desde este TFC queremos estudiar la evolución de la Web actual hacia la Web Semántica. From this Final Degree Project we want to study the evolution of the current Web to the Semantic Web.

  13. On the Nature of SEM Estimates of ARMA Parameters.

    Science.gov (United States)

    Hamaker, Ellen L.; Dolan, Conor V.; Molenaar, Peter C. M.

    2002-01-01

    Reexamined the nature of structural equation modeling (SEM) estimates of autoregressive moving average (ARMA) models, replicated the simulation experiments of P. Molenaar, and examined the behavior of the log-likelihood ratio test. Simulation studies indicate that estimates of ARMA parameters observed with SEM software are identical to those…

  14. Doença arterial obstrutiva periférica e índice tornozelo-braço em pacientes submetidos à angiografia coronariana Peripheral arterial occlusive disease and ankle-brachial index in patients who had coronary angiography

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sthefano Atique Gabriel

    2007-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a prevalência de doença arterial obstrutiva periférica (DAOP em coronariopatas. Avaliar a relação entre Índice Tornozelo-Braço (ITB e doença coronariana, e sua correlação com fatores de risco cardiovascular. MÉTODO: ITB investigado com ultra-sonografia Doppler. Características clínicas pesquisadas: idade, sexo, diabetes mellitus, hipertensão arterial sistêmica, etilismo, tabagismo e obesidade. População: 113 pacientes submetidos à angiografia coronariana. Primeira análise: 2 grupos - ausência e presença de coronariopatia. Segunda análise: 3 grupos - Grupo 1 - ausência de lesão coronariana; Grupo 2 - estenose 70%. Terceira análise: 2 grupos - ausência e presença de DAOP. RESULTADOS: 90,76% dos coronariopatas apresentaram DAOP. Houve diferença significante quanto à faixa etária (pOBJECTIVE: To evaluate the prevalence of peripheral arterial disease (PAD in patients with coronary arterial disease. To evaluate the relation between ankle-brachial index (ABI and coronary arterial disease, and its correlation with cardiovascular risk factors. METHOD: ABI investigated with Doppler ultrasonic device. Clinical characteristics researched: age, gender, diabetes, hypertension, alcoholism, smoking and obesity. Population: 113 patients who had coronary angiography. First analyses: 2 groups - absence and presence of coronary arterial disease. Second analyses: 3 groups - Group 1 - absence of coronary lesion; Group 2 - stenosis 70%. Third analyses: 2 groups - absence and presence of PAD. RESULTS: 90.76% of patients with coronary arterial disease presented PAD. There were significant difference including age (p<0.001, hypertension (p<0.001. smoking (p<0.001, body mass index (BMI (p<0.001, systolic blood pressure (SBP (p<0.001, diastolic blood pressure (DBP (p<0.001 and pulse pressure (PP (p<0.001 and ABI (p<0.001 between patients with and without coronary lesion. There were significant difference including age (p<0

  15. Teste ergométrico: valor prognóstico em pacientes idosos com doença aterosclerótica coronariana estável Exercise stress test: prognostic value for elderly patients with stable coronary atherosclerosis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Eidi Ochiai

    2006-05-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estudar o valor prognóstico das variáveis do teste ergométrico em pacientes idosos com doença aterosclerótica coronariana e isquemia induzida pelo esforço. MÉTODOS: Foram estudados 64 pacientes idosos (61 homens, idade de 73 ± 5 anos com doença aterosclerótica coronariana, comprovada por coronariografia, clinicamente estável, fração de ejeção de ventrículo esquerdo maior ou igual a 0,40 e isquemia miocárdica durante o teste ergométrico. A cada seis meses, os pacientes foram avaliados para eventos cardíacos (morte, infarto do miocárdio, angina instável, angioplastia e revascularização do miocárdio. RESULTADOS: Após seguimento médio de 48 meses, 23 (36% pacientes sofreram eventos cardíacos. Não houve diferença clínica e angiográfica entre os pacientes que sofreram o evento e os que não o sofreram. Pela análise multivariada, a presença de dor precordial durante o teste ergométrico (risco relativo de 2,668 e p = 0,031 e a freqüência cardíaca no início da isquemia (risco relativo de 0,966 e p = 0,009 foram associadas a eventos cardíacos. CONCLUSÃO: Nessa população idosa, a presença de dor precordial durante o teste ergométrico e a freqüência cardíaca no início da isquemia foram associadas a eventos cardíacos. Essas variáveis podem ser úteis para avaliação do risco de pacientes com doença aterosclerótica coronariana estável.OBJECTIVE: To study the prognostic value of exercise stress test variables in elderly patients with coronary atherosclerosis and exercise-induced ischemia. METHODS: Sixty-four elderly patients (61 men, 73 ± 5 years old with coronary atherosclerosis, verified by cardiac catheterization, that were clinically stable, had a left ventricle ejection fraction greater than or equal to 0.40 and developed myocardial ischemia during the exercise stress test were studied. The patients were evaluated every six months for cardiac events (death, myocardial infarction, unstable

  16. Scanning electron microscopy: preparation and imaging for SEM.

    Science.gov (United States)

    Jones, Chris G

    2012-01-01

    Scanning electron microscopy (SEM) has been almost universally applied for the surface examination and characterization of both natural and man-made objects. Although an invasive technique, developments in electron microscopy over the years has given the microscopist a much clearer choice in how invasive the technique will be. With the advent of low vacuum SEM in the 1970s (The environmental cold stage, 1970) and environmental SEM in the late 1980s (J Microsc 160(pt. 1):9-19, 1989), it is now possible in some circumstances to examine samples without preparation. However, for the examination of biological tissue and cells it is still advisable to chemically fix, dehydrate, and coat samples for SEM imaging and analysis. This chapter aims to provide an overview of SEM as an imaging tool, and a general introduction to some of the methods applied for the preparation of samples.

  17. Leucemia linfoblástica aguda em lactentes: 20 anos de experiência

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Amanda Ibagy

    2013-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar pacientes com menos de dois anos de idade com leucemia linfoblástica aguda atendidos no período de 1990 a 2010, em um centro de referência estadual. MÉTODOS: Estudo clínico, epidemiológico, transversal, descritivo e observacional. Pacientes incluídos tinham menos de dois anos de idade, com leucemia linfoblástica aguda, tratados no período de 1990 a 2010 na unidade de oncologia pediátrica de um centro de referência estadual, totalizando 41 casos. RESULTADOS: Todos os pacientes eram Caucasianos e 60,9% eram do sexo feminino. Com relação à idade, 24,38% tinham menos de seis meses, 17,07% tinham entre seis meses e um ano e 58,53% mais do que um ano de idade. A idade de seis meses foi estatisticamente significante para o desfecho de óbito. Os sinais e sintomas predominantes foram febre, hematomas e petéquias. Uma contagem de leucócitos superior a 100.000 foi observada em 34,14% dos casos; hemoglobina inferior a 11 em 95,13% e contagem de plaquetas inferior a 100.000, em 75,61% dos casos. Infiltração do sistema nervoso central estava presente em 12,91% dos pacientes. Em relação à linhagem, a linhagem B predominou (73%, mas a linhagem de células T foi estatisticamente significativa para o óbito. Trinta e nove por cento dos pacientes tiveram recorrência da doença. Em relação ao estado vital, 70,73% dos pacientes morreram, sendo choque séptico a principal causa. CONCLUSÕES: leucemia linfoblástica aguda em crianças tem uma alta taxa de mortalidade, principalmente em crianças menores de um ano e linhagem derivada de células T.

  18. Primeras experiencias con drenaje biliar percutáneo de urgencia en la colangitis aguda

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Luis González González

    Full Text Available Introducción: la obstrucción biliar es motivo frecuente de morbilidad en los pacientes con metástasis hepáticas, adenopatías periportales y cáncer hepatobiliopancreático. La colangitis aguda es la complicación más temida, debido a su mortalidad. En este trabajo se presentan los primeros abordajes percutáneos realizados por cirujanos del Hospital Clínicoquirúrgico "Hermanos Ameijeiras" como herramienta para el tratamiento urgente de esta entidad. Objetivo: caracterizar el drenaje percutáneo transparietohepático de urgencia en pacientes con colangitis aguda e ictericia obstructiva. Métodos: se realizó un estudio descriptivo, prospectivo y aplicado con 30 pacientes atendidos de esta forma en dicha institución entre enero de 2008 y diciembre de 2010. Resultados: el diagnóstico etiológico preponderante fue el de tumor maligno de la cabeza del páncreas. La localización baja de la lesión duplicó a la localización alta. La mejoría clínica de la ictericia se evidenció en la mayoría de los pacientes después de una semana tras el procedimiento: el drenaje percutáneo constituyó el método definitivo en el 73,3 % de los pacientes. Las edades medias para los distintos diagnósticos etiológicos exhibieron diferencias estadísticamente significativas. No hubo complicaciones ni mortalidad relacionadas con el procedimiento. Conclusiones: el drenaje biliar percutáneo guiado por ultrasonido es una herramienta útil y segura para el tratamiento de urgencia de la colangitis aguda. Es un método que pueden realizar los cirujanos generales con entrenamiento adecuado y específico, y tiene asociadas pocas complicaciones.

  19. Avaliação de coagulação, fibrinólise e proteína C em pacientes de risco e com doenças coronarianas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Reis Christiane Vieira

    2003-01-01

    Full Text Available A hemostasia é resultante do equilíbrio entre pró-coagulantes e anticoagulantes, envolvendo vasos, plaquetas, proteínas da coagulação e da fibrinólise e anticoagulantes naturais. Todos estes componentes estão inter-relacionados, constituindo os sistemas de coagulação, anticoagulação e fibrinólise. Muitos fatores, genéticos ou adquiridos, podem contribuir para romper este equilíbrio, levando a estados de hipo ou hipercoagulabilidade. Em doenças coronarianas como a angina e o infarto, há uma maior ativação das plaquetas e das proteínas da coagulação, favorecendo a formação de trombos. Na tentativa de restaurar a hemostasia, ocorre a intervenção do sistema fibrinolítico, o qual promove a lise do coágulo e desobstrui o vaso. Neste trabalho foram avaliados os mecanismos da coagulação e da fibrinólise e a proteína C, um anticoagulante natural. Foram estudados 20 pacientes com doenças coronarianas, notadamente angina de peito (n = 8 e infarto agudo do miocárdio (n = 12, além de pacientes potencialmente em risco de desenvolver doença cardiovascular (n = 17. O grupo infarto foi pareado com indivíduos sadios do ponto de vista clinicolaboratorial (grupo-controle, n = 12. Os resultados revelaram uma diferença significativa nos níveis de fibrinogênio nos grupos de angina e infarto quando comparados ao grupo-controle. Níveis de proteína C ativada também mostraram diferença significativa entre os grupos de risco e infarto. Os demais parâmetros hemostáticos avaliados não diferiram significativamente entre os grupos estudados, porém foi observada uma tendência à hipercoagulabilidade nos grupos de pacientes quando comparados ao grupo-controle.

  20. Parâmetros ecocardiográficos de deposição de gordura epicárdica e sua relação com doença arterial coronariana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juan Valiente Mustelier

    2011-08-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Gordura epicárdica tem sido associada com a presença de doença arterial coronariana (DAC significante. Entretanto, a associação entre infiltração lipomatosa do septo atrial e a infiltração de gordura do ventrículo direito (VD permanece incerta. Nenhum desses parâmetros foi totalmente estudado em pacientes hispânicos. OBJETIVO: Determinar a associação entre a gordura epicárdica, infiltração lipomatosa do septo atrial e a infiltração de gordura do VD na presença de DAC. MÉTODOS: Duzentos e cinquenta pacientes hispânicos (86 mulheres e 164 homens, média da idade 61,5 ± 8 vs 62 ± 10 respectivamente, submetidos à sua primeira angiografia coronariana invasiva (ACI foram estudados. No dia seguinte ao ACI, parâmetros de deposição de gordura epicárdica foram avaliados através de ecocardiografia modo 2D. Variáveis clínicas (idade, sexo, antecedentes pessoais do hábito de fumar, hipertensão e diabete melito, bem como a apresentação clínica da DAC e antropométricas (circunferência da cintura e índice de massa corporal [IMC] também foram coletadas. RESULTADOS: A gordura epicárdica (OR 1,27 p = 0,009, bem como a infiltração de gordura no VD (OR 2,94 p = 0,027, apresentaram uma associação significante e independente com a presença, mas não com a extensão (p = 0,516 e apresentação clínica (p = 0,153 da DAC. A extensão da deposição da gordura epicárdica mostrou uma associação proporcional e significante (p = 0,001 com a presença de DAC. CONCLUSÃO: A Gordura epicárdica e a infiltração de gordura do VD foram fatores significantes e independentes associados com a presença de DAC, a qual estava proporcionalmente aumentada de acordo com a extensão da deposição de gordura epicárdica.

  1. Uso de iodóforo tópico em feridas agudas Uso del yodo tópico y/o compuestos en heridas agudas Use of topic iodine in acute wounds

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alcicléa dos Santos Oliveira

    2008-03-01

    Full Text Available Esta pesquisa objetivou realizar revisão sistemática da literatura relacionada ao uso de iodóforos tópicos no tratamento de feridas agudas. Os ensaios clínicos foram localizados por meio da Base de Dados Cochrane, utilizando-se os seguintes descritores: iodine, acute wound, treatment, healing, infection, surgery, surgical. Vinte (52,6%, dentre 38 artigos, enquadraramse nos critérios de inclusão, sendo analisados quanto às características dos periódicos e dos estudos e classificados em: iodóforo versus outros agentes tópicos (4/ 20%; iodóforo versus coberturas (1/ 5%; iodóforo versus soro fisiológico (5/ 25%; iodóforo versus sem iodóforo (8/ 40% e iodóforos em diferentes concentrações (2/ 10%. Resultados favoráveis para os iodóforos ocorreram em 45% dos artigos. Quanto às tendências dos resultados, três dentre cinco artigos mostraram-se favoráveis para a cicatrização de feridas e prevenção de infecção e nove dentre 15 artigos foram desfavoráveis ao uso de iodóforos tópicos quando somente a prevenção de infecção foi investigada.En esta investigación se tuvo como objetivo realizar una revisión sistemática de la literatura respecto a la utilización del yodo tópico y/o compuestos en el tratamiento de las heridas agudas. Los ensayos clínicos fueron localizados por medio de la Base de Datos Cochrane, utilizándose los siguientes descriptores: iodine, acute wound, treatment, healing, infection, surgery, surgical. Veinte (52,6%, de 38 artículos, se encuadraron en los criterios de inclusión, siendo analizados en cuanto a las características de los periódicos y de los estudios y clasificados en: yodo versus otros agentes tópicos (4/ 20%; yodo versus apósitos (1/ 5%; yodo versus solución fisiológica (5/ 25%; yodo versus sin yodo (8/ 40% y yodo en diferentes concentraciones (2/ 10%. Resultados favorables para el yodo se obtuvieron en el 45% de los artículos. En cuanto a las tendencias de los resultados

  2. Determinantes sociales y disparidades de la morbilidad por enfermedades respiratorias agudas (ERA) en ninas y ninos de uno a cuatro anos en Colombia

    National Research Council Canada - National Science Library

    Arrieta-Florez, Rosaura; Caro-Gomez, Enna Esmeralda

    2010-01-01

    Este articulo describe la situacion de salud de los ninos y las ninas de uno a cuatro anos en Colombia y la presencia de disparidades, para lo cual se utiliza como trazador las Enfermedades Respiratorias Agudas (ERA...

  3. Encefalopatia necrotizante aguda: paciente com evolução recidivante e letal Acute necrotizing encephalopathy: patient with a relapsing and lethal evolution

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Erasmo B. Casella

    2007-06-01

    Full Text Available A encefalopatia necrotizante aguda foi descrita inicialmente em crianças japonesas e se caracteriza por rápida evolução e lesões simétricas no tronco encefálico, cerebelo e especialmente nos tálamos. Avaliamos uma menina de 7 meses de idade, que apresentou dois episódios de depressão da consciência de rápida instalação e paresias, sem alterações metabólicas. Houve uma rápida melhora na primeira crise, porém o segundo episódio foi fulminante, tendo evoluído para estado de morte encefálica em dois dias. Os estudos de ressonância magnética mostraram lesões simétricas nos tálamos e acometimento também do tronco encefálico e cerebelo.Acute necrotizing encephalopathy was initially reported in Japanese children. The rapid evolution and symmetrical brain lesions seen in the brainstem, cerebellum and specially in the thalamus characterize the disease. We studied a 7-month-old-girl, who presented with two episodes of rapid loss of consciousness and paresis without metabolic disturbances. At the first time she had a rapid improvement, but at the second episode the course was fulminant and in two days she lapsed into a clinical state of brain death. The magnetic resonance studies showed symmetrical lesions in the thalamus and additional lesions involving the brainstem and the cerebellum.

  4. Aspectos clínico-diagnósticos relativos à fase aguda da doença de Chagas, em pacientes submetidos a transplante de rim e imunodeprimidos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro Renato Chocair

    1985-03-01

    Full Text Available Em sete pacientes submetidos a transplante de rim e imonodeprimidos reconheceram os Autores a ocorrência de doença de Chagas, em fase aguda. Tais eventos permitiram verificações sem dúvida expressivas e, entre elas, afigurou-se conveniente salientar as seguintes: presença de febre como manifestação proeminente; valor elucidativo da pesquisa do Trypanosoma cruzi no "creme" leucocitário em etapa de realização de diagnóstico diferencial, quando escassos os elementos orientadores; utilidade da evidenciação, por imunofluorescência, de anticorpos IgM antitripanossomo no soro; falta de participação de enfartamento de linfonodos superficiais ao exame clínico e de linfocitose, com linfócitos atípicos, ao hemograma; decurso não grave, sendo que, para tanto, pode ter contribuído a administração de benzonidazol; possibilidade de manutenção do uso de medicamentos imonossupressores; ausência de prejuízo quanto ao transplante. Julgaram os Autores oportuno relatar esses fatos, em virtude de implicações que eles ensejam quando em desenvolvimento trabalhos de natureza assistencial.The Authors detected the acute stage of Chagas'diseasein seven immunosuppressedpatients, following renal transplantation. The outstanding clinical and diagnostic features seen in these patients were as follows: fever was an important clinical sign of disease; the direct microscopic demonstration of Trypanosoma cruzi in the buffy layer of blood samples yielded positive results; immunofluorescent IgM antibodies may befound in sera; no lymph node enlargement was noticed on clinical examination and lymphocytosis was not seen on blood smears. The clinical course of the disease was not severe, although this could in part be due to treatment with benznidazole. The immunoppressive therapy could be maintained and no damage occurred to the transplanted organ.

  5. Diagnósticos de enfermagem em adultos com leucemia mielóide aguda

    OpenAIRE

    Souza, Luccas Melo de; Gorini, Maria Isabel Pinto Coelho

    2006-01-01

    Trata-se de um estudo de casos, que objetivou identificar os Diagnósticos de Enfermagem (DE) de pacientes adultos com Leucemia Mielóide Aguda, a fim de fornecer subsídios à Sistematização da Assistência de Enfermagem. Utilizaram-se as técnicas de entrevista e observação, além da aplicação do Processo de Enfermagem. Durantes os três meses da coleta de dados, outros DEs foram encontrados através de novas buscas nos prontuários dos 6 pacientes. Os 32 DEs encontrados foram agrupados conforme a Te...

  6. Estudio preliminar de la toxicidad aguda del sulfato y del cloruro de berberina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edward J. Acero M.

    2010-07-01

    Full Text Available Se realizaron ensayos para determinar la Toxicidad Aguda (LD50 del Sulfato de Berberina en Hámster dorado administrado tópicamente, y del Cloruro de Berberina administrado vía subcutánea. No se halló LD 50 para el Sulfato de Berberina, y la evaluación hemática de Colesterol, Urea y transaminasas ALAT y ASAT no presentó modificaciones. El Cloruro de Berberina manifestó una LD 50/24 horas de 640 mg/kg.; también acción hipoglicémica y a nivel de SNC hubo acción depresora. La evaluación histológica de hígado y piel para cada una de las presentaciones permitió establecer normalidad.

  7. Estudio preliminar de la toxicidad aguda del sulfato y del cloruro de berberina

    OpenAIRE

    Edward J Acero M; Amador Avila T.; Luis Granobles P.; Stella Torres de Young

    2010-01-01

    Se realizaron ensayos para determinar la Toxicidad Aguda (LD50) del Sulfato de Berberina en Hámster dorado administrado tópicamente, y del Cloruro de Berberina administrado vía subcutánea. No se halló LD 50 para el Sulfato de Berberina, y la evaluación hemática de Colesterol, Urea y transaminasas ALAT y ASAT no presentó modificaciones. El Cloruro de Berberina manifestó una LD 50/24 horas de 640 mg/kg.; también acción hipoglicémica y a nivel de SNC hubo acción depresora. La evaluación histo...

  8. Incidencia de Enfermedades Diarreicas Agudas, 2010 (Enero–Junio), del Centro de Salud Lacma.

    OpenAIRE

    Paola Danitza Luizaga Velasco; Luis Antonio Luizaga Velasco; Ruth Jarro

    2010-01-01

    El objetivo principal de este trabajo es conocer la edad y el sexo más afectado por enfermedades diarreicas agudas en niños de 0 a 9 años. Asimismo, es importante saber cuál es el mes más afectado entre enero y junio de 2010 en el Centro de Salud Lacma.La metodología del trabajo se basa en un tipo de estudio descriptivo-retrospectivo. El universo: niños de 0 a 9 años del centro de Salud Lacma. Las variables son: sexo (niños y niñas), edad (0 a 9 años), enfermedad (EDAs) y lugar (Centro de Sal...

  9. Glomerulonefrites Agudas Pós-Infecciosas. Casuística de 7 Anos (90-96)

    OpenAIRE

    Neves, Victor; Gonçalves, Elisabete; Nabais, Isabel; Neto, Arlete; Sousa, Ferra de

    2014-01-01

    Os autores apresentam uma revisão casuística de 48 casos de Glomerulonefrite Aguda Pós-Infecciosa (GNAPI) seguidos na Unidade de Nefrologia Pediátrica do Hospital de D. Estefânia (HDE) entre 1990 e 1996.Foram analisadas as seguintes características: idade, sexo, história pessoal de infecção, apresentação clínica, critérios diagnósticos, tratamento e evolução.A incidência de GNAPI tem vindo a diminuir nos últimos anos, afectando tipicamente crianças dos 2 aos 10 anos. Na observação inicial 85%...

  10. Pancreatite aguda na gravidez: a propósito de um caso clínico

    OpenAIRE

    Veríssimo, C.; Matos, T.; Jerónimo, M.

    2009-01-01

    Introdução: A pancreatite aguda apresenta, habitualmente, uma evolução clínica favorável e afecta 1:3333 grávidas. As principais etiologias são a coledocolitíase, hipertrigliceridémia e alcoolismo. Caso clínico: Uma multípara de 32 anos, 33 semanas de gestação e consumo crónico de 40g de álcool/dia recorreu ao Serviço de Urgência por dor epigástrica com irradiação em cinturão. O CTG e a ecografia obstétrica demonstraram evidência de sofrimento fetal e procedeu-se a uma cesariana. O recém-n...

  11. Crisis aguda de Asma Bronquial. Diagnóstico y tratamiento estandarizado

    OpenAIRE

    Anelia de la Caridad Rojas-Pérez; Andrés Andrés-atos; Dalila Chacón-Bonet; Mariela Parra-Cruz

    2013-01-01

    Se realizó un estudio prospectivo de intervención en 150 pacientes con diagnóstico de Asma Bronquial que acudieron con crisis aguda al Servicio de Urgencias del Hospital Pediátrico de Holguín, de Enero del 2009 hasta Diciembre del 2010; para evaluar la evolución de los mismos después de la aplicación de Guías de Buenas Prácticas. Se aplicó tratamiento a los pacientes según lo establecido, observando su respuesta. Predominó el grupo de 4 a 8 años del sexo masculino, el 52 % de los pacientes pr...

  12. Manejo da asma aguda em adultos na sala de emergência: evidências atuais

    OpenAIRE

    Dalcin, Paulo de Tarso Roth; Perin,Christiano

    2009-01-01

    Asma é uma doença com uma alta prevalência em nosso meio e ao redor do mundo. Embora novas opções terapêuticas tenham sido recentemente desenvolvidas, parece haver um aumento mundial na sua morbidade e mortalidade. Em muitas instituições, as exacerbações asmáticas ainda se constituem em uma emergência médica muito comum. As evidências têm demonstrado que o manejo da asma aguda na sala de emergência concentra decisões cruciais que podem determinar o desfecho desta situação clínica. Nesta revis...

  13. Enfermedad diarreica aguda por Escherichia coli patógenas en Colombia

    OpenAIRE

    Gómez-Duarte, Oscar G.

    2014-01-01

    Las cepas de E. coli patógenas intestinales son causas importantes de la enfermedad diarreica aguda (EDA) en niños menores de 5 años en América Latina, África y Asia y están asociadas a alta mortalidad en niños en las comunidades más pobres de África y el Sudeste Asiático. Estudios sobre el papel de las E. coli patógenas intestinales en la EDA infantil en Colombia y otros países de América Latina son limitados debido a la carencia de ensayos para detección de estos patógenos en los laboratori...

  14. Insuficiência renal aguda em paciente tratada com ATRA e anfotericina B: relato de caso

    OpenAIRE

    2011-01-01

    O presente relato apresenta o caso clínico de uma paciente com leucemia promie-locítica aguda tratada com ácido todo-transretinoico (ATRA), que apresentou suspeita de síndrome do ácido transreti-noico (síndrome de ATRA). Com a ocor-rência de leucopenia febril inespecífica, foram associados ao tratamento antimi-crobianos e antifúngicos. A diminuição da função renal, observada inicialmente, contribuiu para a suspeita de síndrome de ATRA, que foi agravada pelos antifúngi-cos. Assim, o uso de ATR...

  15. Smart flexible microrobots for scanning electron microscope (SEM) applications

    Science.gov (United States)

    Schmoeckel, Ferdinand; Fatikow, Sergej

    2000-06-01

    In the scanning electron microscope (SEM), specially designed microrobots can act as a flexible assembly facility for hybrid microsystems, as probing devices for in-situ tests on IC structures or just as a helpful teleoperated tool for the SEM operator when examining samples. Several flexible microrobots of this kind have been developed and tested. Driven by piezoactuators, these few cubic centimeters small mobile robots perform manipulations with a precision of up to 10 nm and transport the gripped objects at speeds of up to 3 cm/s. In accuracy, flexibility and price they are superior to conventional precision robots. A new SEM-suited microrobot prototype is described in this paper. The SEM's vacuum chamber has been equipped with various elements like flanges and CCD cameras to enable the robot to operate. In order to use the SEM image for the automatic real-time control of the robots, the SEM's electron beam is actively controlled by a PC. The latter submits the images to the robots' control computer system. For obtaining three-dimensional information in real time, especially for the closed-loop control of a robot endeffector, e.g. microgripper, a triangulation method with the luminescent spot of the SEM's electron beam is being investigated.

  16. Automated CD-SEM metrology for efficient TD and HVM

    Science.gov (United States)

    Starikov, Alexander; Mulapudi, Satya P.

    2008-03-01

    CD-SEM is the metrology tool of choice for patterning process development and production process control. We can make these applications more efficient by extracting more information from each CD-SEM image. This enables direct monitors of key process parameters, such as lithography dose and focus, or predicting the outcome of processing, such as etched dimensions or electrical parameters. Automating CD-SEM recipes at the early stages of process development can accelerate technology characterization, segmentation of variance and process improvements. This leverages the engineering effort, reduces development costs and helps to manage the risks inherent in new technology. Automating CD-SEM for manufacturing enables efficient operations. Novel SEM Alarm Time Indicator (SATI) makes this task manageable. SATI pulls together data mining, trend charting of the key recipe and Operations (OPS) indicators, Pareto of OPS losses and inputs for root cause analysis. This approach proved natural to our FAB personnel. After minimal initial training, we applied new methods in 65nm FLASH manufacture. This resulted in significant lasting improvements of CD-SEM recipe robustness, portability and automation, increased CD-SEM capacity and MT productivity.

  17. Nutritional support in patients with severe acute pancreatitis Soporte nutricional en pacientes con pancreatitis aguda grave

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mónica Marcela Peláez Hernández

    2007-04-01

    Full Text Available Severe acute pancreatitis is associated with a systemic inflammatory response leading to a hypermetabolic, hypercatabolic condition; for those reasons, patients suffering from this disease require an excellent artificial nutritional support in order to maintain the structural integrity and the function of vital organs with minimal pancreatic secretion. Total parenteral nutrition has been the standard practice in the treatment of patients with severe acute pancreatitis because of the favorable outcomes of early nutritional support while avoiding pancreatic stimulation; however, recent evidence suggests there are potentially greater benefits with enteral as compared with parenteral nutrition, including fewer septic and metabolic complications and lesser costs. That is why present guidelines for the management of acute pancreatitis recommend that enteral instead of parenteral nutrition be used in patients with severe acute pancreatitis. La pancreatitis aguda, especialmente en su forma grave, está asociada con una respuesta inflamatoria sistémica que lleva a un estado de hipermetabolismo e hipercatabolismo, en el que se requiere un excelente soporte nutricional que permita mantener la integridad estructural y la función de los órganos vitales con un estímulo mínimo de la secreción pancreática. La nutrición parenteral total era el soporte de elección, que permitía obtener todos los beneficios de la nutrición temprana sin estimular la secreción pancreática; pero la evidencia actual muestra mayores beneficios con la nutrición enteral, porque se asocia con menos complicaciones infecciosas y metabólicas y con disminución en los costos. Por ello las guías actuales de tratamiento de la pancreatitis aguda grave recomiendan como primera elección el soporte nutricional enteral.

  18. O mosaico patogênico da pancreatite aguda grave The pathogenic mosaic of severe acute pancreatitis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcio Cavalcante Carneiro

    2004-12-01

    Full Text Available A pancreatite aguda tem sido alvo de grandes discussões que vão desde o entendimento de sua fisiopatologia até a investigação de novas modalidades terapêuticas. Reconhece-se que a necrose pancreática e a falência orgânica múltipla - mormente associadas à infecção - representam os principais fatores determinantes da evolução para o óbito, mas, apesar dos grandes avanços em seu estudo, a doença permanece como um desafio para o clínico e o cirurgião. Deste modo, um melhor conhecimento dos mecanismos envolvidos em sua fisiopatologia pode ser a chave para um tratamento mais eficaz, principalmente em relação às formas graves, cuja letalidade ainda encontra-se substancialmente elevada. Baseado nestas considerações, o presente trabalho tem por objetivo a revisão bibliográfica da fisiopatologia, dos fatores patogênicos envolvidos na história natural da pancreatite aguda grave e dos eventos associados à síndrome da resposta inflamatória sistêmica e à sepse, esboçando-se assim o mosaico patogênico desta importante condição.Acute pancreatitis has been the objective of discussion, principally regarding its physiopathology and treatment. It is recognized that pancreatic necrosis, infections and multiple organ dysfunction are associated with high mortality. This disease remains a challenge for physicians and surgeons. However, a better understanding of evolved mechanisms may be the key for an appropriated treatment, principally for severe forms of disease in which mortality remains elevated. This study reviews the physiopathology and natural history of severe acute pancreatitis, and its association to SIRS and sepsis.

  19. Controvérsias no manejo farmacológico da asma aguda infantil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Amantéa Sérgio Luís

    2002-01-01

    Full Text Available Objetivos: apresentar uma revisão acerca de questões controversas, relativas ao manejo farmacológico utilizado nos pacientes pediátricos portadores de asma aguda. Fontes dos dados: foram utilizadas informações de artigos publicados em revistas científicas nacionais e internacionais, selecionadas das bases de dados Lilacs e Medline. Síntese dos dados: o artigo foi estruturado em tópicos, apresentando aspectos consensuais no tratamento farmacológico da asma infantil. Questões relacionadas à utilização de inaladores dosimetrados versus nebulizadores, o papel das drogas ß2-adrenérgicas utilizadas pela via endovenosa, bem como das metilxantinas e do sulfato de magnésio, são abordados de maneira crítica. Conclusões: os ß2-agonistas administrados pela via inalatória, associados aos coricosteróides, permanecem o tratamento de eleição para episódios agudos de asma na população pediátrica. Tanto os nebulizadores quanto os inaladores dosimetrados, acoplados a espaçadores, são efetivos para alívio dos sintomas agudos. Pacientes refratários ao tratamento convencional, que evoluem para quadros de asma aguda grave, devem ter considerada a utilização de drogas ß2-agonistas pela via endovenosa, desde que adequadamente monitorizados. Quanto às metilxantinas e ao sulfato de magnésio, devem ser considerados alternativas secundárias para pacientes selecionados.

  20. Colecistite aguda não-complicada: colecistectomia laparoscópica precoce ou tardia?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ajith Sankarankutty

    2012-10-01

    Full Text Available Metanálises recentes sugerem que a colecistectomia laparoscópica precoce (dentro de uma semana do início dos sintomas para a doença aguda, não complicada, da vesícula biliar é segura e viável. No entanto, enquetes sobre as práticas cirúrgicas indicam que a colecistectomia laparoscópica precoce é realizada por apenas uma minoria dos cirurgiões. Além disso, o melhor momento para realização deste procedimento, bem como sua relação custo-eficácia continuam sendo uma questão de debate. A reunião de revista TBE - CiTE realizou uma avaliação crítica dos artigos mais relevantes, publicados recentemente, sobre o momento da colecistectomia laparoscópica e sua relação custo-eficácia para o tratamento da colecistite aguda não complicada e fornece recomendações baseadas em evidências sobre o tema. A literatura engloba pequenos ensaios com alto risco para vieses. Ela sugere que colecistectomia laparoscópica precoce é segura e encurta o período de internação. Há uma escassez de estudos bem desenhados e de grandes séries analisando custo-utilidade. As seguintes recomendações foram geradas: (1 a colecistectomia laparoscópica precoce deve ser tentada como o tratamento de primeira linha dentro de uma semana do início dos sintomas, e (2 O custo-efetividade da colecistectomia laparoscópica precoce deve ser avaliada em cada local, levando-se em consideração os recursos, tais como a disponibilidade de pessoal treinado e de equipamentos laparoscópicos.

  1. Mielitis aguda necrotizante en un paciente con Sida Acute necrotizing myelitis in an AIDS patient

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M. Corti

    2003-04-01

    Full Text Available Como consecuencia de la infección por el virus de la inmunodeficiencia humana tipo-1 (HIV-1, otros patógenos como citomegalovirus (CMV y herpes simple tipo 1-2 (HSV 1-2 pueden comprometer tanto el sistema nervioso central como el periférico. Estos agentes pueden involucrar también a la médula espinal y causar una mielitis aguda necrotizante. Esta complicación ocurre por lo general en pacientes con enfermedad HIV/sida avanzada y marcada inmunodeficiencia, con recuentos de linfocitos T CD4+ de menos de 50 cél/µL. El cuadro clínico, los cambios en el LCR y las neuroimágenes generan una importante sospecha diagnóstica. Es fundamental el inicio precoz de la terapia antiviral específica. Se presenta un paciente con enfermedad avanzada debida al HIV-1 y mielitis aguda necrotizante por CMV y HSV bajo la forma clínica de síndrome de la cola de caballo.In the setting of HIV infection, cytomegalovirus (CMV and herpes simplex virus type 1-2 (HSV 1-2 can affect both the central and peripheral nervous systems. These agents can involve the spinal cord and produce a necrotizing transverse myelitis. This usually occurs in AIDS patients with severe immunodeficiency: CD4 + lymphocyte counts typically are less than 50 cell/µL. The clinical presentation, CSF and imaging studies can provide a high level of suspicion diagnosis. Prompt initiation of antiviral specific drugs is essential. We report a patient with an acute necrotizing myelitis (cauda equina syndrome secondary to CMV and HSV infections.

  2. Factores de riesgo de infecciones respiratorias agudas en menores de 5 años

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    María Eulalia Prieto Herrera

    2000-01-01

    Full Text Available Se realizó un estudio analítico, retrospectivo de casos y controles, pareado 1:1 para conocer algunos factores de riesgo de infecciones respiratorias agudas en menores de 5 años del reparto La Yaba, pertenecientes al policlínico Este de Camagüey, durante el año 1996. El universo fueron 90 niños que padecieron infecciones respiratorias agudas durante este período. La fuente de obtención de datos fue la historia clínica familiar e individual. El registro primario fue la encuesta con las variables: lactancia materna, desnutrición, enfermedades asociadas, fumador pasivo, hacinamiento. Se concluyó que la lactancia materna inadecuada (RR 12, 152, la desnutrición (RR 2, 278, la enfermedad parasitaria (RR 1, 643, el fumador pasivo (RR, 536 y el hacinamiento (RR 2, 719 se comportaron como factores de riesgo.An analytic retrospective case-control study was performed, matched 1:1, with the aim of getting to know the risk factors for acute respiratory diseases in children under 5 years of age from La Yaba neighborhood belonging to the health area of the eastern policlinics of Camaguey, during the year 1996. The study material was made up of 90 children that suffered from acute respiratory diseases during that period. The data source was the individual and family medical histories. The primary record was a survey including the following variables: breast feeding, malnutrition, associated diseases, passive smoking, overcrowding. It was concluded that inadequate breast feeding (RR 12, 152, malnutrition (RR 2, 278, parasitic disease (RR 1, 643, passive smoking (RR, 536 and overcrowding (RR 2, 719 behaved as risk factors.

  3. Crisis aguda de Asma Bronquial. Diagnóstico y tratamiento estandarizado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anelia de la Caridad Rojas-Pérez

    2013-01-01

    Full Text Available Se realizó un estudio prospectivo de intervención en 150 pacientes con diagnóstico de Asma Bronquial que acudieron con crisis aguda al Servicio de Urgencias del Hospital Pediátrico de Holguín, de Enero del 2009 hasta Diciembre del 2010; para evaluar la evolución de los mismos después de la aplicación de Guías de Buenas Prácticas. Se aplicó tratamiento a los pacientes según lo establecido, observando su respuesta. Predominó el grupo de 4 a 8 años del sexo masculino, el 52 % de los pacientes presentaron crisis ligeras, buena respuesta al uso de broncodilatadores en aerosol, se aplicó la Prednisona por vía oral en la mayoría de los casos que lo requirieron, el 68,7 % realizó tratamiento domiciliario con respuestas controladas y solo en el 31,3 % se decidió ingreso hospitalario lo que permitió arribar a la siguiente conclusión: Con la aplicación de Guías de Buenas Prácticas Clínicas par a el manejo de la exacerbación aguda del Asma Bronquial se logró una clasificación adecuada de la severidad de la misma, buena respuesta a los tratamientos utilizados y disminución de los ingresos hospitalarios.

  4. Diagnóstico laboratorial das leucemias linfóides agudas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Farias Mariela Granero

    2004-01-01

    Full Text Available A leucemia linfóide aguda (LLA é a forma mais comum de câncer na infância, compreendendo 70% dos casos; em adultos a incidência é de apenas 20%. A abordagem inicial do diagnóstico consiste no exame citomorfológico do sangue periférico e da medula óssea. O estudo imunofenotípico eleva para 99% o percentual de casos corretamente classificados, permitindo identificar a linhagem celular (T ou B e os diferentes estágios de maturação da célula. Aproximadamente 20% dos casos são de origem de célula T; 75%, precursores de célula B; e 5%, de célula B madura. As técnicas citogenéticas têm contribuído de maneira fundamental para a compreensão da biologia molecular e do tratamento da LLA. As anormalidades cromossômicas, quando associadas ao painel de imunofenotipagem, constituem o parâmetro mais importante para a classificação das leucemias, e, juntamente com outros fatores clínicos e laboratoriais, possibilitam a estratificação dos pacientes em diferentes grupos de risco, tendo importância fundamental para determinar o prognóstico e estabelecer o tratamento adequado. O objetivo deste trabalho é fazer uma revisão bibliográfica dos métodos laboratoriais através dos critérios morfológicos, citoquímicos, imunológicos, citogenéticos e de genética molecular, que são úteis para a classificação e o diagnóstico das leucemias linfóides agudas.

  5. Toxicidad aguda y crónica del lindano sobre Ceriodaphnia cornuta (Cladocera: Daphniidae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jorgelina Juárez

    2011-05-01

    Full Text Available El lindano es un plaguicida organoclorado cuya toxicidad produce efectos nocivos en la salud humana y la biota. El objetivo de este estudio fue evaluar la toxicidad aguda y crónica del lindano sobre el microcrustáceo Ceriodaphnia cornuta. Para las pruebas agudas se empleó un diseño estático, usando 10 neonatos ≤ 24 horas de edad para el control y para cada concentración de lindano (5, 10, 15, 20 y 25 mg/L. Se realizaron tres réplicas de cada tratamiento. Se controló la inmovilización de los individuos a las 48 hs y se calcularon los valores de CL50. Los bioensayos crónicos consistieron en un diseño semi-estático, utilizando 10 neonatos menores de 24 horas de edad (uno por recipiente para el control y para cada concentración subletal del tóxico (0,1; 0,15; 0,2; 0,25 y 0,3 mg/L. Se evaluaron los efectos sobre la supervivencia y reproducción durante 21 días. El valor obtenido de CL50 48 horas fue de 5,293 ± 0,7 mg/L. Los parámetros reproductivos (neonatos por hembra, tamaño de la camada e índice de incremento natural disminuyeron al aumentar la concentración del tóxico evaluado, mientras que el inicio de la madurez sexual se retrasó, demostrando la sensibilidad de los organismos prueba al lindano.

  6. Intoxicaciones agudas en pacientes mayores de 65 años

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P. Miranda Arto

    2014-04-01

    Full Text Available Fundamento. Los estudios sobre la intoxicación aguda en sujetos de edad avanzada en nuestro país son escasos, a pesar de los riesgos asociados que presenta este grupo de pacientes. Material y métodos. Estudio descriptivo retrospectivo de las intoxicaciones agudas atendidas en el servicio de Urgencias del Hospital Clínico Universitario de Zaragoza entre 1995 y 2009, en pacientes con edad igual o mayor a 65 años. Resultados. Se registraron 762 casos, el 4,74% del total de intoxicados, con una edad media de 74,16 (SD ± 6 años. La vía oral fue la más frecuente (85% y por tipo de intoxicación, la sobredosis de alcohol (28,7%. Junto a éste, las benzodiacepinas (14,3% y los productos cáusticos (11% fueron los principales tóxicos involucrados. El 21% de los pacientes recibieron tratamiento específico antitóxico, no precisando ingreso el 82,4%. Se observó en la evolución temporal una tendencia que apuntaba a la disminución del tratamiento emético y del lavado gástrico y un aumento del carbón activado. La mortalidad de la serie fue del 1,04%. Conclusiones. Las intoxicaciones en pacientes mayores presentan una mayor morbimortalidad, precisando más ingresos y más tentativas autolíticas con resultado de muerte.

  7. Prioridades de intervención para la fase aguda de las emergencias complejas formuladas por nueve agencias de ayuda humanitaria

    OpenAIRE

    2004-01-01

    Las Emergencias Complejas son un problema de Salud Pública internacional de frecuencia y magnitud crecientes que producen una importante mortalidad y morbilidad especialmente durante su fase aguda. El objetivo de este estudio es identificar y analizar las áreas prioritarias de intervención en la fase aguda de una emergencia compleja formuladas en los manuales operativos de las principales agencias de ayuda, así como el nivel de desarrollo y estructuración de las actividad...

  8. Prioridades de intervención para la fase aguda de las emergencias complejas formuladas por nueve agencias de ayuda humanitaria

    OpenAIRE

    Carmen Sofía Carrillo Jaimes; Pedro Ignacio Arcos González

    2004-01-01

    Las Emergencias Complejas son un problema de Salud Pública internacional de frecuencia y magnitud crecientes que producen una importante mortalidad y morbilidad especialmente durante su fase aguda. El objetivo de este estudio es identificar y analizar las áreas prioritarias de intervención en la fase aguda de una emergencia compleja formuladas en los manuales operativos de las principales agencias de ayuda, así como el nivel de desarrollo y estructuración de las actividad...

  9. Influência do sexo na evolução imediata e a médio prazo após a intervenção coronariana percutânea primária e análise dos fatores independentes de risco para óbito ou eventos Gender influence on the immediate and medium-term progression after primary percutaneous coronary intervention and analysis of independent risk factors for death or events

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo Trajano Sandoval Peixoto

    2006-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: Determinar os fatores de risco para óbito e eventos e a influência do sexo na evolução intra-hospitalar e aos seis meses, de pacientes internados nas 12 horas iniciais do infarto agudo do miocárdio (IAM com supradesnivelamento de ST, tratados com intervenção coronariana percutânea primária. MÉTODOS: Foram considerados 199 pacientes consecutivos, entre 07/1998 e 12/2000, com IAM e sem choque cardiogênico, sendo avaliada a evolução intra-hospitalar e em seis meses. RESULTADOS: As características clínicas eram semelhantes entre os grupos, exceto que as mulheres, que eram mais idosas que os homens (67,04 ± 11,53 x 59,70 ± 10,88, p OBJECTIVE: Determine gender-related differences and risk factors for death and events, both in-hospital and at six-month evolution, of patients admitted within the first twelve hours of ST-segment elevation acute myocardial infarction and who underwent primary percutaneous coronary intervention. METHODS: Between July 1998 and December 2000, 199 consecutive patients were enrolled in the study, with elevation myocardial infarction and without cardiogenic shock, outcome, in-hospital and six-month progression were studied. RESULTS: Clinical characteristics were similar in both groups, except that women were older than men (67.04 ± 11.53 x 59.70 ± 10.88, p < 0.0001. In-hospital mortality was higher among women (9.1% x 1.5%, p = 0.0171, as was the incidence of major events (12.1% x 3.0%, p = 0.0026. The difference in mortality rates remained the same at six months (12.1% x 1.5%, p = 0.0026. The multivariate analysis predicted death: female gender and an age over eighty years, and major events and/or stable angina multivessel: disease and severe ventricular dysfunction. CONCLUSION: Female gender and an age over eighty years were independent predictors of mortality, six months of patients who had undergone primary percutaneous intervention.

  10. Improvement of geometrical measurements from 3D-SEM reconstructions

    DEFF Research Database (Denmark)

    Carli, Lorenzo; De Chiffre, Leonardo; Horsewell, Andy

    2009-01-01

    The quantification of 3D geometry at the nanometric scale is a major metrological challenge. In this work geometrical measurements on cylindrical items obtained with a 3D-SEM were investigated. Two items were measured: a wire gauge having a 0.25 mm nominal diameter and a hypodermic needle having...... that the diameter estimation performed using the 3D-SEM leads to an overestimation of approx. 7% compared to the reference values obtained using a 1-D length measuring machine. Standard deviation of SEM measurements performed on the wire gauge is approx. 1.5 times lower than the one performed on the hypodermic...

  11. SEM-EBSP能知道些什么

    Institute of Scientific and Technical Information of China (English)

    张唯敏

    2003-01-01

    @@ 1 SEM-EBSP是什么 所谓SEM-EBSP是指采用在扫描电子显微镜(SEM)镜体中的反射电子菊池线衍射的结晶方位分析.被称为菊池图形的衍射图形可因结晶的稍许倾斜而大大地改变其位置,因此,通过解析菊池图形就能正确地知道结晶方位.

  12. Improvement of CD-SEM mark position measurement accuracy

    Science.gov (United States)

    Kasa, Kentaro; Fukuhara, Kazuya

    2014-04-01

    CD-SEM is now attracting attention as a tool that can accurately measure positional error of device patterns. However, the measurement accuracy can get worse due to pattern asymmetry as in the case of image based overlay (IBO) and diffraction based overlay (DBO). For IBO and DBO, a way of correcting the inaccuracy arising from measurement patterns was suggested. For CD-SEM, although a way of correcting CD bias was proposed, it has not been argued how to correct the inaccuracy arising from pattern asymmetry using CD-SEM. In this study we will propose how to quantify and correct the measurement inaccuracy affected by pattern asymmetry.

  13. Alternative SEM techniques for observing pyritised fossil material.

    Science.gov (United States)

    Poole; Lloyd

    2000-11-01

    Two scanning electron microscopy (SEM) electron-specimen interactions that provide images based on sample crystal structure, electron channelling and electron backscattered diffraction, are described. The SEM operating conditions and sample preparation are presented, followed by an example application of these techniques to the study of pyritised plant material. The two approaches provide an opportunity to examine simultaneously, at higher magnifications normally available optically, detailed specimen anatomy and preservation state. Our investigation suggests that whereas both techniques have their advantages, the electron channelling approach is generally more readily available to most SEM users. However, electron backscattered diffraction does afford the opportunity of automated examination and characterisation of pyritised fossil material.

  14. O polimorfismo VNTR no gene codificador do antagonista do receptor da interleucina-1 está associado com a doença arterial coronariana Interleukin-1 receptor antagonist gene VNTR polymorphism is associated with coronary artery disease

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ahmet Arman

    2008-11-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A Doença Arterial Coronariana (DAC é a aterosclerose das artérias coronárias que transportam o sangue para o coração. A aterosclerose é uma doença inflamatória. As variações gênicas das citocinas - como as associadas à família IL1 - fazem parte da patogênese da aterosclerose. OBJETIVO: O objetivo deste estudo foi determinar a relação entre os polimorfismos da família IL1 (VNTR do IL1RN, posições -511 e +3953 do IL1B e a DAC na população turca. MÉTODOS: Um total de 427 indivíduos foram submetidos à angiografia coronariana e em seguida divididos da seguinte forma: 170 no grupo controle e 257 no grupo de pacientes com DAC. Os sujeitos com DAC foram divididos em dois subgrupos: 91 no grupo de Doença Coronariana em um único vaso (Single Vessel Disease - SVD e 166 no grupo Doença Coronariana em múltiplos vasos (Multiple Vessel Disease - MVD. Os genótipos de IL1RN e IL1B (-511, +3953 foram determinados por reação em cadeia da polimerase (RCP, seguida de análise da digestão por enzima de restrição. RESULTADOS: Não foram observadas diferenças significantes nas distribuições de genótipos de IL1RN e IL1B (-511 e +3953 entre os sujeitos com DAC e os controles, ou entre sujeitos com MVD e controles. No entanto, observou-se uma relação significante no genótipo IL1RN 2/2 entre sujeitos portadores de SVD e controles (P= 0,016, x2: 10,289, OR: 2,94IC 95% 1,183 - 7,229. Tampouco foi observada diferença estatisticamente significante nas freqüências dos alelos de IL1RN e IL1B (-511 e +3953 entre os sujeitos com DAC e controles, os sujeitos com MVD e controles, ou ainda os sujeitos SVD e controles. CONCLUSÃO: Não foi observada nenhuma relação na freqüência alélica e nem na distribuição genotípica dos polimorfismos de IL1RN e IL1B entre sujeitos com DAC e grupos controle. No entanto, o genótipo IL1RN 2/2 pode representar um fator de risco para sujeitos com SVD na população turca

  15. Quantitative approach on SEM images of microstructure of clay soils

    Institute of Scientific and Technical Information of China (English)

    施斌; 李生林; M.Tolkachev

    1995-01-01

    The working principles of Videolab Image Processing System (VIPS), the examining methods of orientation of microstructural units of clay soils and analysing results on SEM images of some typical microstructures of clay soils using the VIPS are introduced.

  16. semPLS: Structural Equation Modeling Using Partial Least Squares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Armin Monecke

    2012-05-01

    Full Text Available Structural equation models (SEM are very popular in many disciplines. The partial least squares (PLS approach to SEM offers an alternative to covariance-based SEM, which is especially suited for situations when data is not normally distributed. PLS path modelling is referred to as soft-modeling-technique with minimum demands regarding mea- surement scales, sample sizes and residual distributions. The semPLS package provides the capability to estimate PLS path models within the R programming environment. Different setups for the estimation of factor scores can be used. Furthermore it contains modular methods for computation of bootstrap confidence intervals, model parameters and several quality indices. Various plot functions help to evaluate the model. The well known mobile phone dataset from marketing research is used to demonstrate the features of the package.

  17. Infarto do miocárdio causado por lesão arterial coronariana após trauma torácico fechado

    OpenAIRE

    Lima,Márcio Silva Miguel; Tsutsui, Jeane Mike; Issa,Victor Sarli

    2009-01-01

    Relatamos o caso de um indivíduo do sexo masculino de 29 anos de idade, vítima de um acidente de carro no qual sofreu trauma torácico fechado, evoluindo com insuficiência cardíaca congestiva. O paciente apresentava boa saúde previamente, sem sintomas de doença cardiovascular. Na avaliação inicial, o eletrocardiograma mostrou ondas Q nas derivações precordiais e o ecocardiograma mostrou disfunção ventricular esquerda importante. A angiografia coronária mostrou uma lesão na artéria coronária de...

  18. DETECTION OF DELAMINATION IN A COMPOSITE PLATE BY SEM

    Institute of Scientific and Technical Information of China (English)

    2001-01-01

    A numerical method of integration of Green's functi ons of strip element method (SEM) is proposed. The response of ultrasonic sourc e generated by a transducer on the surface of a multi-ply composite plate conta ining a delamination is analyzed by the use of SEM. The numerical results show that the scanning features of the ultrasonic waves may be used to identify the d elamination inside the composite plate .

  19. Efeito da suplementação aguda com cafeína na resposta bioquímica durante exercício de endurance em ratos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vivian Francielle França

    2015-10-01

    Full Text Available RESUMOIntrodução:A cafeína é atualmente a substância mais consumida no mundo, e associada ao exercício físico, vem trazendo importantes ganhos no desempenho.Objetivo:Investigar efeitos bioquímicos da suple-mentação aguda de cafeína após um exercício de endurance em ratos Wistar.Métodos:Foram utilizados 27 ratos Wistar machos, pesando 357 ± 73 g, distribuídos de forma aleatória em três grupos: 1 Controle (sem suplementação e exercício; 2 Salina (salina + exercício; 3 Cafeína (6 mg/Kg de cafeína + exercício. As suple-mentações foram administradas com antecedência de 50 minutos da natação com duração de 60 minutos. Logo após a natação, os animais foram sacrificados para coleta de sangue e biópsia de tecido hepático e muscular. Foram analisados os níveis de glicose sanguínea, triglicerídeos, lactato sérico e concentrações de glicogênio hepático e muscular. Todos os resultados foram representados como média ± EPM. Para a análise estatística foi usado o teste ANOVA one way, sendo considerada diferença estatística somente para P<0,05.Resultados:O glicogênio muscular e o lactato não diferiram entre os grupos. A cafeína preservou os níveis de glicose sanguínea e glicogênio hepático (P<0,05. A cafeína elevou os níveis de glicerol plasmático em 31,2% (P<0,05 quando comparado ao grupo exercitado sem suplementação.Conclusão:O estudo reporta que o uso da cafeína pré-exercício promove alterações bioquímicas que podem melhorar a eficiência metabólica durante o exercício de endurance.

  20. Resposta de fase aguda e níveis séricos de magnésio em pacientes hospitalizados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cunha D. F. da

    1999-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: A resposta de fase aguda (RFA, caracteriza-se por proteólise, com hipotrofia da massa celular corporal, hiperglicemia, retenção hídrica e disfunção renal, fenômenos que potencialmente afetam os níveis de magnésio (Mg++ sérico. O objetivo do estudo foi comparar os níveis séricos de Mg++ entre pacientes hospitalizados, com ou sem RFA. MÉTODOS: Obteve-se um banco de dados do mainframe do Hospital-Escola contendo informações sobre dosagens bioquímicas simultâneas de creatinina, glicose e magnésio e outros eletrólitos séricos de 214 pacientes internados, sem diabetes mellitus, insuficiência renal crônica ou creatinina sérica > 1,5mg/dl. A presença de RFA foi definida pela presença de febre mais diagnósticos de trauma, cirurgia recente ou infecção, além de leucopenia ou leucocitose. RESULTADOS: Dos casos, 32,2% foram considerados RFAÅ. Não houve diferença entre os grupos quanto à idade, gênero e cor. Houve pareamento entre os grupos RFAÅ e RFAteta quanto à freqüência de uso de diuréticos (10,1 vs 11,7% e presença de edema (3 vs 6%. Hipomagnesemia ocorreu em 154 casos (72% do total, sendo 75,9% no grupo RFAteta e 63,8% no grupo RFAÅ(p=0,06. Os níveis de Mg++ (mediana; faixa de variação foram maiores no grupo RFAÅ: (1,75; 1-3 vs 1,6; 0,9-2,9mg/dl, o mesmo ocorrendo com a glicemia (115; 49-236 vs 99; 61-191mg/dl e creatinina sérica (0,884 ± 0,306 vs 0,803 ± 0,257mg/dl. Hipermagnesemia foi mais comum no grupo RFAÅ: 8,7 vs 2,1%. CONCLUSÕES: Pacientes RFAÅ apresentam maiores níveis de magnésio sérico, fenômeno possivelmente relacionado com aumentos da glicemia, uréia e creatinina séricas.

  1. Incidencia y factores de riesgo para adquirir diarrea aguda en una comunidad rural de la selva peruana.

    OpenAIRE

    HENRÍQUEZ CAMACHO, César; GUILLÉN ASTETE, Carlos; BENAVENTE, LUIS; GOTUZZO HERENCIA, Eduardo; ECHEVARRIA ZARATE, JUAN; SEAS RAMOS, Carlos

    2013-01-01

    Objetivo: Determinar la incidencia y factores de riesgo para adquirir diarrea aguda en una comunidad rural localizada en la selva del departamento de San Martín, Perú. Material y métodos: Una cohorte de 119 personas fue seleccionada al azar entre la población de 446 habitantes y seguida diariamente por un mes entre enero y febrero de 1999, buscando casos de diarrea aguda, definida como tres ó más cámaras de deposiciones al día por no más de 3 días. Un estudio caso control pareado fue diseñado...

  2. Apendicitis aguda sin enfermedad de Crohn en un paciente con inflamación intestinal. Informe de un caso

    OpenAIRE

    Ernesto Sierra-Montenegro; Eduardo Villanueva-Sáenz; José Luis Rocha-Ramírez; Javier Pérez-Aguirre; José Manuel Fernández-Rivero; René Soto-Quirino

    2008-01-01

    Introducción: La enfermedad de Crohn fue descrita por primera ocasión en 1932; la asociación de apendicitis aguda con esta enfermedad es muy rara y ante afectación del ciego el riesgo de fístula es muy alto. El objetivo fue informar un caso de apendicitis aguda en un paciente con diagnóstico de enfermedad de Crohn. Caso clínico: Mujer de 48 años de edad, con diagnóstico reciente de enfermedad de Crohn quien presentó cuadro clínico de dolor abdominal intenso en fosa iliaca derecha con tratamie...

  3. O papel da fisioterapia respiratória na bronquiolite viral aguda = Role of chest physiotherapy in acute viral bronchiolitis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luisi, Fernanda

    2008-01-01

    Conclusões: mesmo que não existem evidências diretas, a fisioterapia respiratória tem sido utilizada na bronquiolite aguda com objetivo de desobstrução, higiene brônquica, prevenção de atelectasias e recrutamento alveolar, podendo contribuir para diminuição da resistência das vias aéreas, promover melhor ventilação-perfusão e diminuir o trabalho ventilatório pela remoção do excesso de muco. São necessários estudos clínicos randomizados, controlados e cegados, que avaliem as técnicas mais modernas, para que se possa definir o papel da fisioterapia respiratória no tratamento da bronquiolite viral aguda

  4. FIB-SEM cathodoluminescence tomography: practical and theoretical considerations.

    Science.gov (United States)

    De Winter, D A M; Lebbink, M N; Wiggers De Vries, D F; Post, J A; Drury, M R

    2011-09-01

    Focused ion beam-scanning electron microscope (FIB-SEM) tomography is a powerful application in obtaining three-dimensional (3D) information. The FIB creates a cross section and subsequently removes thin slices. The SEM takes images using secondary or backscattered electrons, or maps every slice using X-rays and/or electron backscatter diffraction patterns. The objective of this study is to assess the possibilities of combining FIB-SEM tomography with cathodoluminescence (CL) imaging. The intensity of CL emission is related to variations in defect or impurity concentrations. A potential problem with FIB-SEM CL tomography is that ion milling may change the defect state of the material and the CL emission. In addition the conventional tilted sample geometry used in FIB-SEM tomography is not compatible with conventional CL detectors. Here we examine the influence of the FIB on CL emission in natural diamond and the feasibility of FIB-SEM CL tomography. A systematic investigation establishes that the ion beam influences CL emission of diamond, with a dependency on both the ion beam and electron beam acceleration voltage. CL emission in natural diamond is enhanced particularly at low ion beam and electron beam voltages. This enhancement of the CL emission can be partly explained by an increase in surface defects induced by ion milling. CL emission enhancement could be used to improve the CL image quality. To conduct FIB-SEM CL tomography, a recently developed novel specimen geometry is adopted to enable sequential ion milling and CL imaging on an untilted sample. We show that CL imaging can be manually combined with FIB-SEM tomography with a modified protocol for 3D microstructure reconstruction. In principle, automated FIB-SEM CL tomography should be feasible, provided that dedicated CL detectors are developed that allow subsequent milling and CL imaging without manual intervention, as the current CL detector needs to be manually retracted before a slice can be milled

  5. Asma aguda em adultos na sala de emergência: o manejo clínico na primeira hora

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    DALCIN PAULO DE TARSO ROTH

    2000-01-01

    Full Text Available Asma é doença com alta prevalência em nosso meio e ao redor do mundo. Embora novas opções terapêuticas tenham sido recentemente desenvolvidas, parece haver aumento mundial na sua morbidade e mortalidade. Em muitas instituições, as exacerbações asmáticas ainda constituem emergência médica muito comum. As evidências têm demonstrado que a primeira hora no manejo da asma aguda na sala de emergência concentra decisões cruciais que podem determinar o desfecho desta situação clínica. Nesta revisão não-sistemática, os autores enfocaram a primeira hora da avaliação e tratamento do paciente com asma aguda na sala de emergência, descrevendo uma estratégia apropriada para o seu manejo. São consideradas as seguintes etapas: diagnóstico, avaliação da gravidade, tratamento farmacológico, avaliação das complicações e decisão sobre onde se realizará o tratamento adicional. Espera-se que estas recomendações contribuam para que o médico clínico tome a decisão apropriada na primeira hora do manejo da asma aguda.

  6. Soporte nutricional en la pancreatitis aguda Artificial nutrition in acute pancreatitis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J. Garnacho Montero

    2005-06-01

    Full Text Available Los cambios metabólicos que tienen lugar en la pancreatitis aguda originan, como en otros pacientes graves, una situación de estrés metabólico que, en muchas ocasiones, requiere la aplicación de soporte nutricional especializado. Los pacientes que presentan mayores niveles de gravedad (definida como un índice de Ranson = 3 o un APACHE II = 10 son los candidatos a recibir apoyo nutricional. La nutrición enteral debe ser la primera vía de aporte de nutrientes a considerar y debe mantenerse salvo que los pacientes presenten intolerancia o desarrollen dolor, ascitis, o incremento de las cifras de amilasa sérica. La nutrición enteral transpilórica, a través de una sonda naso-yeyunal o mediante yeyunostomía por catéter, es una vía de acceso segura en la pancreatitis aguda grave e incluso puede acompañarse de ventajas evolutivas para los pacientes en comparación con la nutrición parenteral. La indicación de nutrición parenteral estaría condicionada por la imposibilidad de obtener un abordaje enteral adecuado (yeyunal, la intolerancia a la nutrición enteral o la reagudización del proceso tras el inicio del soporte nutricional enteral. Con los datos actuales, no pueden establecerse recomendaciones acerca de las características idóneas que debe reunir la composición de nutrientes que deben recibir los pacientes con pancreatitis aguda.Metabolic changes that occur in acute pancreatitis result, as with other critically ill patients, in a metabolic stress situation that many times requires the application of a specialized nutritional support. Patients presenting the highest severity indexes (defined as Ranson's index = 3 or an APACHE II = 10 are candidates to receive nutritional support. Enteral nutrition must be the first route to consider for nutrients supply and must be maintained except for patients that have intolerance or develop pain, ascites, or increased serum amylase levels. Transpyloric enteral nutrition, through a naso

  7. Uso de la antibioticoterapia perioperatoria en la apendicitis aguda: Use of perioperative antibiotic therapy Acute appendicitis:

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gimel Sosa Martín

    2009-09-01

    Full Text Available INTRODUCCIÓN. La apendicitis aguda es la afección que más frecuentemente requiere intervención quirúrgica de urgencia. El uso de profilaxis antimicrobiana disminuye la incidencia de sepsis de la herida quirúrgica y mejora la relación riesgo-beneficio y costo-beneficio de la operación. El presente estudio buscó diseñar e implantar un protocolo terapéutico para el uso de antimicrobianos, según estadio de la apendicitis aguda, para uso en centros de atención secundaria. MÉTODOS. Se realizó un estudio prospectivo de indicación-prescripción con elementos de consecuencias prácticas y un grupo de intervención. Se seleccionaron de manera aleatoria 215 pacientes con diagnóstico de apendicitis aguda, atendidos entre diciembre del 2002 y diciembre del 2006. Se establecieron dos grupos, uno de control y uno experimental. Se instauró un protocolo de profilaxis aplicado al grupo experimental, basado en textos de referencia y adecuado al contexto socioeconómico cubano. RESULTADOS. Se aplicó el protocolo de profilaxis a 105 pacientes. La incidencia de sepsis fue del 8,5 %, significativamente menor a la del grupo control (24,5 %. El costo fue igualmente menor en el grupo experimental. CONCLUSIONES. El uso racional de la terapéutica antimicrobiana para la profilaxis de la infección de la herida quirúrgica mejora la relación riesgo-beneficio y costo-beneficio del procedimiento quirúrgico y la calidad de la atención médica.INTRODUCTION: Acute appendicitis if the affection that more frequent requires of an emergence surgical intervention. Use of antimicrobial prophylaxis decreases sepsis incidence of surgical wound, and to improve the risk-benefit and the cost-benefit relation of surgery. Present study tried to design and to creates a therapeutical protocol for use of antimicrobials, according to acute appendicitis stage to use in secondary care centers. METHODS: We made a prospective study of prescription-indication with the elements

  8. 3DSEM++: Adaptive and intelligent 3D SEM surface reconstruction.

    Science.gov (United States)

    Tafti, Ahmad P; Holz, Jessica D; Baghaie, Ahmadreza; Owen, Heather A; He, Max M; Yu, Zeyun

    2016-08-01

    Structural analysis of microscopic objects is a longstanding topic in several scientific disciplines, such as biological, mechanical, and materials sciences. The scanning electron microscope (SEM), as a promising imaging equipment has been around for decades to determine the surface properties (e.g., compositions or geometries) of specimens by achieving increased magnification, contrast, and resolution greater than one nanometer. Whereas SEM micrographs still remain two-dimensional (2D), many research and educational questions truly require knowledge and facts about their three-dimensional (3D) structures. 3D surface reconstruction from SEM images leads to remarkable understanding of microscopic surfaces, allowing informative and qualitative visualization of the samples being investigated. In this contribution, we integrate several computational technologies including machine learning, contrario methodology, and epipolar geometry to design and develop a novel and efficient method called 3DSEM++ for multi-view 3D SEM surface reconstruction in an adaptive and intelligent fashion. The experiments which have been performed on real and synthetic data assert the approach is able to reach a significant precision to both SEM extrinsic calibration and its 3D surface modeling.

  9. Recent advances in 3D SEM surface reconstruction.

    Science.gov (United States)

    Tafti, Ahmad P; Kirkpatrick, Andrew B; Alavi, Zahrasadat; Owen, Heather A; Yu, Zeyun

    2015-11-01

    The scanning electron microscope (SEM), as one of the most commonly used instruments in biology and material sciences, employs electrons instead of light to determine the surface properties of specimens. However, the SEM micrographs still remain 2D images. To effectively measure and visualize the surface attributes, we need to restore the 3D shape model from the SEM images. 3D surface reconstruction is a longstanding topic in microscopy vision as it offers quantitative and visual information for a variety of applications consisting medicine, pharmacology, chemistry, and mechanics. In this paper, we attempt to explain the expanding body of the work in this area, including a discussion of recent techniques and algorithms. With the present work, we also enhance the reliability, accuracy, and speed of 3D SEM surface reconstruction by designing and developing an optimized multi-view framework. We then consider several real-world experiments as well as synthetic data to examine the qualitative and quantitative attributes of our proposed framework. Furthermore, we present a taxonomy of 3D SEM surface reconstruction approaches and address several challenging issues as part of our future work.

  10. An electron moiré method for a common SEM

    Institute of Scientific and Technical Information of China (English)

    Y.M.Xing; S.Kishimoto; Y.R.Zhao

    2006-01-01

    In the electron moiré method,a high-frequency grating is used to measure microscopic deformation,which promises significant potential applications for the method in the microscopic analysis of materials.However,a special beam scanning control device is required to produce a grating and generate a moiré fringe pattern for the scanning electron microscope (SEM).Because only a few SEMs used in the material science studies are equipped with this device,the use of the electron moiré method is limited.In this study,an electron moiré method for a common SEM without the beam control device is presented.A grating based on a multi-scanning concept is fabricated in any observing mode.A real-time moiré pattern can also be generated in the SEM or an optical filtering system.Without the beam control device being a prerequisite,the electron moiré method can be more widely used.The experimental results from three different types of SEMS show that high quality gratings with uniform lines and less pitch error can be fabricated by this method,and moiré patterns can also be correctly generated.

  11. Fatores preditivos de coledocolitíase em doentes com pancreatite aguda biliar Predictors of choledocholithiasis in patients sustaining acute biliary pancreatitis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Gustavo Parreira

    2004-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o papel da fosfatase alcalina (FA, gama glutamiltransferase (gamaGT e ultra-sonografia (US como fatores preditivos de coledocolitíase em doentes com pancreatite aguda biliar (PAB. MÉTODOS: Os dados foram coletados prospectivamente durante um período de 31 meses. Quarenta doentes foram incluídos, sendo 30 mulheres, com média etária de 49 + 16 anos. Foram registrados os dados de todos os doentes com pancreatite aguda biliar. Aqueles doentes ictéricos e com a forma grave da doença foram excluídos. As dosagens de FA e GGT, assim como a US, eram realizadas na admissão e 48 horas antes da cirurgia. Todos os pacientes foram submetidos à colangiografia intra-operatória (CIO ou à colangiografia retrógrada endoscópica (CPRE pré-operatória, que era definida baseada na probabilidade de coledocolitíase. Com o intuito de identificar os indicadores de coledocolitíase, as variáveis foram comparadas entre os pacientes com ou sem coledocolitíase. Os testes t de Student, Qui-quadrado e Fisher foram empregados para a análise estatística, considerando-se pBACKGROUND: To assess the role of alkaline phosphatase (AP, gamil-glutamyltransferase (gammaGT and abdominal ultrasound (US as predictors of choledocholithiasis in patients sustaining acute biliary pancreatitis. METHODS: Data was prospectively collected during a period of 31 months. Forty patients were included, 30 were female and the mean age was 49 + 16. All patients sustaining acute biliary pancreatitis were enrolled. Patients with clinical jaundice and severe pancreatitis were excluded. Serum content of AP and gGT as well as US were assessed at admission and 48 hours before cholecistectomy. All patients underwent intra-operative cholangiography (IOC or pre-operative endoscopic retrograde cholangiography (ERCP, which was indicated based on the odds of choledocholithiasis. In order to identify the predictors of choledocholithiasis, variables were compared between patients

  12. Leucemia linfóide aguda: uma doença curável Acute lymphoblastic leukemia: a curable disease

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco Pedrosa

    2002-04-01

    Full Text Available RESUMO: Leucemia linfóide Aguda (LLA, é o tipo mais comum de câncer infantil, constituindo cerca de um terço de todas as neoplasias malignas da criança. A incidência de LLA em crianças nos Estados Unidos é aproximadamente de 3,4 casos por 100.000 crianças menores de 15 anos de idade. Até a metade do século passado, as leucemias eram consideras universalmene, uma doença fatal. O desenvolvimento de combinações terapêuticas, utilizando diversas drogas citotóxicas com ou sem transplante de medula óssea, tem aumentado o percentual de cura da criança portadora de Leucemia linfóide Aguda em mais de 80%. Anualmente cerca de 1.500 crianças com LLA, nos Estados Unidos, estão sendo curadas. Contudo, dos 75.000 novos casos de LLA, que são diagnosticados anualmente em todo o mundo, cerca de 60.000 (80% não têm acesso a essas modernas formas de tratamento e são, portanto excluídos desse processo de cura. O desafio de tornar a LLA uma doença curável começa a ser vencido com o relato de taxas de sobrevida maior que 50% para crianças tratadas em países com recursos limitados. Em El salvador, Bonilla, conseguiu aumentar a taxa de sobrevida de crianças com LLA de 5% para 50%. No Recife, Pernambuco, Brasil, Pedrosa evoluiu de uma taxa de 29% nos anos 80, para 75% na era atual.ABSTRACT: Acute lymphoblastic leukemia (ALL is the most common type of cancer in children, accoun-ting for one third of all malignant neoplasias affecting them. ALL incidences in children in the United States are of approximately 3,4 cases per 100.000 children under fifteen years old. Up to the middle of last century leukemia was universally considered a fatal di-sease. The development of therapeutic combinations through the use of various cytotoxic drugs with or without bone marrow transplantation has increased cure percentages of children with ALL in over 80%. Annually around 1.500 children with ALL in the Uni-ted States are being cured. Nevertheless, of the

  13. Distonia aguda relacionada ao uso de bromoprida em pacientes pediátricos Acute dystonia after use of bromopride in pediatric patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eliane Roseli Barreira

    2009-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever dois casos de distonia aguda após uso de bromoprida em crianças e realizar revisão da literatura em relação aos mecanismos fisiopatológicos de indução de liberação extrapiramidal, sua sintomatologia e tratamento. DESCRIÇÃO DO CASO: Caso 1: adolescente de 13 anos com quadro de dor e hipertonia cervical associados a febre, náuseas e vômitos, com hipótese inicial de meningite. A investigação subsequente revelou que o quadro iniciou-se após ingestão de uma única dose de bromoprida. O paciente apresentou boa resposta ao tratamento com difenidramina, sem necessidade de coleta de líquor. Caso 2: Lactente de seis meses que desenvolveu sintomas graves de liberação extrapiramidal relacionados à superdosagem de bromoprida, com reversão rápida dos sintomas após administração de biperideno. COMETÁRIOS: Este é o primeiro relato de distonia aguda após uso de bromoprida em crianças. Embora muito utilizada no Brasil como agente pró-cinético e antiemético, nenhum estudo clínico até o momento demonstrou melhor perfil de segurança da bromoprida em relação aos demais antieméticos antagonistas da dopamina. Até que tais estudos sejam realizados, sugere-se cautela na prescrição de bromoprida. Medidas não-farmacológicas devem ser recomendadas no tratamento de vômitos e da doença do refluxo gastresofágico. Quando o tratamento farmacológico for indispensável, deve-se dar preferência a drogas com perfil de segurança mais bem estabelecido.OBJECTIVE: To report the case of two patients with acute dystonia induced by bromopride in children, followed by a review of the mechanisms of induction of movement disorders by antidopaminergic anti-emetic drugs, its clinical symptoms and treatment. CASE DESCRIPTION: Case 1: a 13 years old teenager who developed acute hypertonia and neck pain associated to fever and vomiting, suggestive of meningitis. Further investigation revealed that symptoms were associated with

  14. Budesonida inalatória em crianças com asma aguda

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Milani Geórgia K. M.

    2004-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a eficácia de budesonida na forma de suspensão, em dose única para inalação, como tratamento adjunto ao b2 inalatório, comparada com dose única de prednisona por via oral, em pacientes com crise aguda de asma. MÉTODO: Estudo prospectivo, randômico, paralelo, duplo-cego, duplo-placebo. Foram selecionadas 49 crianças, com idade entre 2 e 7 anos, em crise aguda de asma, que, após inalação com salbutamol (0,15 mg/kg, foram divididas em três grupos. O grupo I foi tratado com placebo via oral e inalatório; o grupo II, com prednisona via oral (1 mg/kg e placebo inalatório; e o grupo III, budesonida inalatória (2 mg e placebo via oral. As avaliações foram realizadas pela aplicação de um escore clínico e medida da saturação transcutânea da hemoglobina, seqüencialmente até 72 horas. Caso o escore clínico fosse igual ou superior ao da avaliação inicial, e a saturação inferior à primeira avaliação, a inalação com b2 adrenérgico era repetida. RESULTADOS: A melhora do escore clínico foi progressiva a partir de 30 minutos, e não houve diferença significativa nos três grupos estudados. Ocorreu aumento significativo da saturação da hemoglobina em relação ao valor inicial, com 2 horas no grupo prednisona, 4 horas no grupo budesonida e 24 horas no grupo placebo. CONCLUSÃO: O número de inalações com broncodilatador foi semelhante nos três grupos, com uma média de 2,9 no grupo placebo; 2,7 no grupo prednisona; e 2,5 no grupo budesonida. Em geral, as drogas estudadas foram bem toleradas, com efeitos colaterais semelhantes ao placebo. A administração de dose única de budesonida inalatória associada ao salbutamol, na crise moderada de asma, promoveu melhora clínica comparável à da prednisona oral. A recuperação da saturação transcutânea da hemoglobina foi mais rápida com prednisona.

  15. Micronutrientes: una opción en el tratamiento de las enfermedades diarreicas agudas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Coronel Carbajal

    2000-12-01

    Full Text Available Se realizó un estudio longitudinal y prospectivo a 126 pacientes que ingresaron al Servicio de Diarreas Agudas del Hospital General Docente "Armando Enrique Cardoso", en el período comprendido entre junio de 1998 y enero de 1999. A 71 pacientes se les ofrecieron microelementos (vitamina A, sulfato de zinc y fumarato ferroso con el objetivo de conocer los beneficios de los microelementos en la enfermedad diarreica aguda. Al concluir el estudio se pudo comprobar que el grupo de pacientes suplementados tuvo una estadía más corta y la duración del episodio fue menor. Además se halló que en estos pacientes el número de deposiciones es menor, así como la afectación nutricional. También se comprobó cómo la recuperación nutricional es mucho más rápida, así como la recuperación del apetito. Se pudo mostrar cómo la consistencia de las deposiciones al tercer día de tratamiento, en el grupo que recibió micronutrientes, mejoró.A longitudinal and prospective study was conducted among 126 patients that were admitted in the Service of Acute Diarrheas of "Armando Enrique Cardoso" General Teaching Hospital between June, 1998, and January, 1999. 71 patients were administered microelements (vitamin A, zinc sulfate and ferrous fumarate in order to know their benefits in the acute diarrheal disease. On concluding the study, it was proved that the length of stay and the episode were shorter in the group of supplemented patients. It was also observed that the number of defecations as well as the nutritional affectation were lower in these patients and that the nutritional recovery and the recuperation of appetite were faster. The consistency of the defecations improved on the third day of treatment in the group that received micronutrients.

  16. Nuevo enfoque de la interpretación del dolor en una pulpitis aguda

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andrés O Pérez Ruiz

    2000-04-01

    Full Text Available El dolor es probablemente el principal motivo de consulta en las urgencias estomatológicas y es precisamente el dolor de la pulpitis aguda el que comentamos en este trabajo. El dolor pulpar en sí mismo es similar al dolor que resulta por inflamación de los órganos viscerales y, por lo tanto, podrían ser inadecuados los intentos de explicarlos por comparación con los nociceptores de estructuras somáticas. Se propone analizar el comportamiento del dolor como consecuencia de una pulpitis aguda, con un nuevo enfoque, asimilándolo como el dolor proveniente de estructuras viscerales con manifestaciones dolorosas alejadas del sitio o zona dañada y en el propio diente en que el tejido ha sido injuriado y evoluciona rápidamente hacia la necrosis. Establecemos una analogía entre el dolor visceral como el generado de la pulpa y el del tipo somático profundo como el correspondiente a la afectación periapical por rápida evolución de la inflamación hacia la necrosis.Pain is probably the chief complaint in dental emergencies and this paper deals precisely with the pain caused by acute pulpitis. The pulpar pain itself is similar to the one resulting from inflammation of the visceral organs and, therefore, the attempts to explain these pains by comparing them with the nociceptors of somatic structures may be inappropiate. It is our objective to analyze the behaviour of pain caused by acute pulpitis with a new approach, assimilating it as the pain from visceral structures with painful manifestations far from the damaged site or zone and it is the own tooth whose tissue has been affected and evolves rapidly to necrosis.We establish an analogy between the visceral pain as the one generated by the pulpa and that of deep somatic type as the corresponding to the periapical affection by the fast evolution of inflammation to necrosis.

  17. Efeitos hemodinâmicos da sobrecarga ventricular direita aguda experimental

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flávio Brito Filho

    2011-04-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A sobrecarga ventricular direita aguda está associada a situações clínicas de elevada morbimortalidade, tais como: ressecções pulmonares extensas, tromboembolismo pulmonar, transplante pulmonar e edema pulmonar das altitudes. Alguns pontos de sua fisiopatologia permanecem obscuros. OBJETIVO: Avaliar os efeitos hemodinâmicos da sobrecarga ventricular direita aguda experimental em suínos. MÉTODOS: A sobrecarga ventricular direita foi induzida pela oclusão das artérias pulmonares através de ligaduras. Vinte porcos foram utilizados no estudo, sendo alocados em 04 grupos: um controle, não submetido à oclusão vascular pulmonar, e três de sobrecarga ventricular direita submetidos à oclusão das seguintes artérias pulmonares: SVD1 (artéria pulmonar esquerda; SVD2 (artéria pulmonar esquerda e do lobo inferior direito e SVD3 (artéria pulmonar esquerda, do lobo inferior direito e do lobo mediastinal, obstruindo a vasculatura pulmonar em 42, 76 e 82,0% respectivamente. Variáveis de hemodinâmica foram medidas a cada 15 minutos durante a uma hora do estudo. Na análise estatística, foram utilizados ajustes de modelos lineares mistos com estrutura de variâncias e covariâncias. RESULTADOS: Nas comparações intergrupais, houve aumento significativo da frequência cardíaca (p = 0,004, pressão arterial pulmonar média (p = 0,001 e pressão capilar pulmonar (p < 0,0001. Houve redução significativa da pressão arterial média (p = 0,01 e do índice sistólico (p = 0,002. Não houve diferença significativa no índice cardíaco (p = 0,94. CONCLUSÃO: Apesar da intensa sobrecarga ventricular direita promovida pela obstrução de 82,0% da vasculatura pulmonar e pelo aumento significativo da pressão arterial pulmonar não houve disfunção cardiovascular severa e/ou choque circulatório no período estudado.

  18. PROTEÍNAS DE FASE AGUDA EM CÃES - REVISÃO DE LITERATURA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    VIEIRA , Manuela Cristina

    2014-05-01

    Full Text Available In animals with disorder homeostasis due to infection, inflammation, tissue injury, cancer or immune disorder, there is an acute phase response (APR nonspecific. The APR is an immediate innate immune response, that produces protein mediators, they stand out among the acute phase proteins (APP, which are essential for the restoration of body homeostasis. After the stimulus generated by proinflammatory cytokines, particularly interleukin-1 (IL-1, interleukin-6 (IL-6 and tumor necrosis factor alpha (TNF-α, released by immune cells, the liver synthesizes and releases the majority of APP, which results in an increase in their bloodstream. Recent research has shown that the qualification and quantification of these proteins may aid diagnosis and provide valuable prognostic information and monitoring of diseases. Therefore, we present this review of the literature in order to describe the main PFA in small animals, and also update the veterinarians regarding the evaluation of these proteins in addition to the diagnosis, prognosis and monitoring treatment in dogs. Em animais com distúrbios na homeostase devido à infecção, inflamação, injúria tecidual, neoplasia ou desordem imunológica, há uma resposta de fase aguda (RFA inespecífica. A RFA é uma resposta imune inata imediata que produz mediadores proteicos, e entre eles se destacam as proteínas de fase aguda (PFA, que são indispensáveis para o restabelecimento da homeostasia corporal. Após o estímulo gerado pelas citocinas pró-inflamatórias, principalmente a interleucina-1 (IL-1, interleucina-6 (IL-6 e fator alfa de necrose tumoral (TNF-α, liberadas por células de defesa, o fígado sintetiza e libera a maioria das PFA, o que resulta no seu aumento na corrente sanguínea. Pesquisas recentes têm evidenciado que a qualificação e a quantificação destas proteínas podem subsidiar o diagnóstico e trazer valiosas informações prognósticas e de monitoramento de doenças. Portanto

  19. SINDROME INTERMEDIO: UN PATRÓN TÍPICO DE INSUFICIENCIA RENAL AGUDA EN EL ANCIANO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Algranati L

    2004-01-01

    Full Text Available Acute renal failure is a frequent entity in the elderly. This is due on one hand to the structural and physiological changes of the aged kidney, and on the other hand to the exposure of this population to polypharmacy and their reduced capability to metabolize drugs. In the present report we present a case of a seventy year-old woman who developed acute renal failure secondary to severe dehydration with a clinical and laboratory pattern of intermediate syndrome: laboratory results compatible with parenchymal renal insufficiency (elevated urinary sodium, plasma urea and creatinine, but with a positive response to hydration. The main characteristics of the aged kidney that predispose to the development of an intermediate syndrome are: the vascular dysautonomy and reduced capability of sodium and water reabsorption. The intermediate syndrome is a typical pattern of pre-renal insufficiency in the elderly. RESUMEN: La insuficiencia renal aguda es frecuente en el anciano. Esto se debe por un lado a los cambios estructurales y funcionales propios del riñón senil, y por otro a la gran exposición que esta población tiene a la polifarmacia, y su reducida capacidad para metabolizar los medicamentos. En este reporte presentamos el caso de una mujer de 70 años que desarrolló una insuficiencia renal aguda secundaria a severa deshidratación, mostrando un patrón clínico y de laboratorio propio de un sindrome intermedio: laboratorios compatibles con una insuficiencia renal parenquimatosa (sodio urinario, uremia y creatininemia elevadas, pero con una respuesta favorable a la hidratación. Las principales características del riñón senil que predisponen al desarrollo del sindrome intermedio: son la disautonomía vascular y la reducida capacidad en la recuperación de sodio y agua El sindrome intermedio es un patrón típico de insuficiencia prerrenal en el anciano.

  20. Uso de jarabes antitusivos y otros medicamentos en las infecciones respiratorias agudas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    María Eulalia Prieto Herrera

    2000-01-01

    Full Text Available Se realizó un estudio de intervención para la aplicación del protocolo de tratamiento estándar de casos de infecciones respiratorias agudas y el uso de jarabes antitusivos y otros medicamentos, propuesto por la Organización Panamericana de la Salud/Organización Mundial de la Salud, en el Policlínico Comunitario Este de Camagüey durante el año 1998. El universo de estudio fueron los 252 niños menores de 5 años con diagnóstico de infección respiratoria aguda. El registro de pacientes atendidos y la historia clínica individual constituyeron la fuente primaria de datos. Los resultados más relevantes fueron que después de la intervención disminuyó el uso de jarabes antitusivos (44,04 %, así como los casos tratados ambulatoriamente (37,6 %. Se concluyó que existió predominio del sexo masculino y del grupo de edades de 1 a 2 años; los medicamentos más utilizados fueron los expectorantes y mucolíticos en el catarro común, observándose una disminución después de la intervención.An intervention study for the application of the standard treatment protocol for acute respiratory infections and the use of antitussive syrups and other medication was made after being proposed by the Pan-American Health Organization/World Health Organization, at the Eastern Community Hospital of Camagüey in the year 1998. The study material was constituted by the 252 children under 5 years of age with diagnosis of acute respiratory infection. The record of patients treated and their individual medical history were the primary data sources. The most relevant outcomes being that after intervention the use of antitussive syrups decreased (44.04%, as well as the ambulatory cases (37.6 %. It was concluded that there was a prevalence of male sex and the age group of 1-2 years old. The most frequently used medication were expectorants and mucolytic medication in common catarrh, a decrease being noticed after intervention.

  1. Apendicite aguda: modelo experimental em coelhos Acute appendicitis: model experimental in rabbits

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João EBRAM-NETO

    2000-04-01

    Full Text Available Com objetivo de estudar experimentalmente as diversas fases evolutivas da apendicite aguda, foram utilizados 60 coelhos (Oryctogalus cuniculus, fêmeas, da linhagem Nova Zelândia, com peso variando de 2510 a 3040 gramas. Os animais foram divididos em dois grupos denominados controle e experimento, e estes subdivididos em três subgrupos com períodos de observação de 12, 24 e 48 horas. No grupo experimento foi realizada a oclusão do lume apendicular por meio de sutura seromuscular circular a 8 cm da extremidade distal do apêndice cecal, com fio de polipropileno 4-0. No controle foi feita somente a simulação da cirurgia. Os aspectos macroscópicos (aumento do tamanho, necrose, perfuração, aderência e secreção na cavidade abdominal bem como os microscópicos do grupo experimento, evidenciaram uma progressão das alterações anatomopatológicas mostrando haver uma relação entre a intensidade dos achados histopatológicos e o tempo de observação. Conclui-se que o método utilizado causa apendicite aguda com alterações anatomopatológicas distintas, de acordo com a fase evolutiva da doença.The evolving phases of acute appendicitis were studied experimentally. Sixty female rabbits (Oryctogalus cuniculus of New Zealand lineage weighing about 2510 to 3040 g were divided in two groups: a control group and experimental group. The experimental group was divided into three subgroups for observation after 12, 24 and 48 hours of the operation, that consisted on a 4-0 polypropylene circular suture at 8 cm from the distal part of the cecal appendix. The control group was sham operated. The macroscopic exam (increase of the appendix volume, necrosis, perfuration, adherence and secretion in the abdominal cavity and the microscopic finding showed a progression in the anatomopathological alterations. There was a close relationship between the histopathological findings and time after the appendiceal obstruction. We conclude that the method

  2. Fatores prognósticos da revascularização na fase aguda do infarto agudo do miocárdio Prognostic factors of myocardial revascularization in acute myocardial infaction

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabio B. JATENE

    2001-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Determinar os fatores preditores de má evolução nos pacientes submetidos a revascularização do miocárdio (RM na fase aguda do infarto do miocárdio (IAM. CASUÍSTICA E MÉTODOS: No período de março de 1998 a novembro de 1999, 49 pacientes foram submetidos a RM na fase aguda do IAM. Foram excluídos pacientes portadores de complicações mecânicas do IAM e submetidos a procedimentos associados a RM. Os pacientes foram divididos em: Grupo I - 29 casos que não apresentaram complicações decorrentes do IAM e Grupo II - 20 casos com uma ou mais complicações. As complicações consideradas foram: isquemia recorrente (18 pacientes, insuficiência cardíaca congestiva (11, choque cardiogênico (9, hipotensão (7, reinfarto (4, taquicardia ventricular sustentada (4 e fibrilação ventricular (3. Os grupos foram considerados comparáveis em relação às características pré-operatórias, exceto pela idade mais avançada no grupo II. No intuito de identificar os fatores determinantes de pior prognóstico pós-operatório, foram correlacionadas e analisadas as características dos pacientes e as complicações do IAM, estudados pelo teste de variância e análise multivariada. RESULTADOS: A mortalidade global foi de 6,12% (3 pacientes, sendo somente no grupo II. A análise multivariada identificou como fatores preditores de mortalidade hospitalar a hipotensão arterial (p=0,045, o choque cardiogênico (p=0,001 e a fibrilação ventricular (p=0,012. CONCLUSÕES: A RM na fase aguda do IAM é um procedimento seguro em pacientes sem complicações, sem mortalidade operatória. A presença de complicações pré-operatórias como choque cardiogênico, fibrilação ventricular e hipotensão são considerados fatores de mau prognóstico nesta condição.OBJECTIVES: To determine the predictors of bad evolution in patients submitted to myocardial revascularization (MR in the acute myocardial infarction (AMI. MATERIAL E METHODS: Between March

  3. Provável extrusão de núcleo pulposo aguda e não compressiva em um cão: relato de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    G.G. Franco

    Full Text Available RESUMO A extrusão discal aguda e não compressiva é caracterizada pela extrusão de caráter agudo/hiperagudo e não compressivo do núcleo pulposo de um disco intervertebral não degenerado. Pode ser chamada de hérnia de disco de baixo volume e alta velocidade ou explosões discais e geralmente está associado a exercícios intensos ou episódios traumáticos. O núcleo pulposo é fortemente forçado através de uma pequena fissura no ânulo fibroso dorsal, provocando uma contusão espinhal. Este relato tem como objetivo apresentar um caso de provável extrusão aguda de núcleo pulposo não compressiva. Foi atendido um cão macho, três anos e seis meses de idade, maltês, pesando 4,1kg. Como queixa principal, o proprietário relatou dificuldade locomotora e dor à manipulação há um dia, sem histórico de trauma. Foi constatada paraparesia não ambulatória de início agudo com ausência de propriocepção e dor superficial em membros pélvicos e dor à palpação epaxial da coluna toracolombar. A ressonância magnética (RM evidenciou extensa área de hipersinal em segmento toracolombar da medula espinhal, sem sinais de compressão medular e de atenuação da intensidade do núcleo pulposo do disco intervertebral L1-L2. Foi feito diagnóstico presuntivo de mielopatia focal não compressiva com edema medular de todo segmento toracolombar, característico de uma extrusão aguda de núcleo pulposo não compressiva. Foi prescrito tratamento com anti-inflamatório esteroidal, analgésico, repouso absoluto e protocolo de reabilitação com acupuntura e fisioterapia. Após sete dias de tratamento, o animal recuperou a sensibilidade dolorosa superficial em membros pélvicos e evoluiu para paraparesia ambulatória. Os resultados deste relato sugerem que a RM pode ser útil para fazer um diagnóstico presuntivo em cães com histórico e sinais clínicos compatíveis. Além disso, o tratamento conservativo em extrusões discais não compressivas

  4. Incidencia y factores de riesgo para adquirir diarrea aguda en una comunidad rural de la selva peruana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    César Henríquez Camacho

    2002-04-01

    Full Text Available Objetivo: Determinar la incidencia y factores de riesgo para adquirir diarrea aguda en una comunidad rural localizada en la selva del departamento de San Martín, Perú. Material y métodos: Una cohorte de 119 personas fue seleccionada al azar entre la población de 446 habitantes y seguida diariamente por un mes entre enero y febrero de 1999, buscando casos de diarrea aguda, definida como tres ó más cámaras de deposiciones al día por no más de 3 días. Un estudio caso control pareado fue diseñado para determinar los factores de riesgo para adquirir diarrea. Resultados: Fueron observados 18 casos de diarrea aguda; la incidencia fue 15.1 casos por 100 personas-mes (IC 95%: 9.45-23.12. La edad media de los casos fue de 10.7 años (rango: 1-34 años y 66% de los casos fueron niños menores de 10 años de edad. Los factores de riesgo para adquirir diarrea fueron: consumo de alimentos crudos, RR: 2.2 (IC 95%: 1.12-4.33, consumo de alimentos no lavados, RR: 4.47 (IC 95%: 1.56-12.82, falta de lavado de manos antes de alimentarse, RR: 9.61 (95% IC: 1.44-64.16, consumo de agua no hervida, RR: 4.52 (IC 95%: 1.23-16.65 y alimentación fuera de casa, RR: 2.2 (IC 95%: 1.51-3.20. La diferencia en el número promedio (DE de personas que vivían por casa entre casos y controles fue de 4.38 (1.03 vs. 3.22 (0.54, p=0.0003, respectivamente. No hubo diferencia en el tiempo de residencia en la comunidad entre casos y controles, media de 5.61 ( 5.04 años vs. 8.83 (9.79, p=0.5747. Conclusiones: Diarrea aguda es un problema de salud pública en la selva de San Martín. Hacinamiento, carencia de saneamiento y pobres prácticas higiénicas son los responsables para adquirir diarrea aguda en esta comunidad de bajo nivel socioeconómico. Campañas educativas y mejora en las condiciones sanitarias son claramente necesarias para superar este problema.

  5. DSS1/Sem1, a multifunctional and intrinsically disordered protein

    DEFF Research Database (Denmark)

    Kragelund, Birthe Brandt; Schenstrøm, Signe Marie; Rebula, Caio A.

    2016-01-01

    DSS1/Sem1 is a versatile intrinsically disordered protein. Besides being a bona fide subunit of the 26S proteasome, DSS1 associates with other protein complexes, including BRCA2-RPA, involved in homologous recombination; the Csn12-Thp3 complex, involved in RNA splicing; the integrator, involved...... in transcription; and the TREX-2 complex, involved in nuclear export of mRNA and transcription elongation. As a subunit of the proteasome, DSS1 functions both in complex assembly and possibly as a ubiquitin receptor. Here, we summarise structural and functional aspects of DSS1/Sem1 with particular emphasis on its...... multifunctional and disordered properties. We suggest that DSS1/Sem1 can act as a polyanionic adhesive to prevent nonproductive interactions during construction of protein assemblies, uniquely employing different structures when associating with the diverse multisubunit complexes....

  6. Improvement of geometrical measurements from 3D-SEM reconstructions

    DEFF Research Database (Denmark)

    Carli, Lorenzo; De Chiffre, Leonardo; Horsewell, Andy;

    2009-01-01

    an external diameter of 0.26mm. A series of measurements were performed to determine the accuracy of 3D reconstructions obtained using stereo-photogrammetry methods, finding a procedure to determine the optimum number of rotations of the object for an acceptable measuring uncertainty. It was determined......The quantification of 3D geometry at the nanometric scale is a major metrological challenge. In this work geometrical measurements on cylindrical items obtained with a 3D-SEM were investigated. Two items were measured: a wire gauge having a 0.25 mm nominal diameter and a hypodermic needle having...... that the diameter estimation performed using the 3D-SEM leads to an overestimation of approx. 7% compared to the reference values obtained using a 1-D length measuring machine. Standard deviation of SEM measurements performed on the wire gauge is approx. 1.5 times lower than the one performed on the hypodermic...

  7. Annual International DIC Society Conference and SEM Fall Conference

    CERN Document Server

    Reu, Phillip

    2017-01-01

    This collection represents a single volume of technical papers presented at the Annual International DIC Society Conference and SEM Fall Conference organized by the Society for Experimental Mechanics and Sandia National Laboratories and held in Philadelphia, PA, November 7-10, 2016. The volume presents early findings from experimental, standards development and various other investigations concerning digital image correlation - an important area within Experimental Mechanics. The area of Digital Image Correlation has been an integral track within the SEM Annual Conference spearheaded by Professor Michael Sutton from the University of South Carolina. In 2016, the SEM and Sandia joined their collaborative strengths to launch a standing fall meeting focusing specifically on developments in the area of Digital Image Correlation. The contributed papers within this volume span numerous technical aspects of DIC including standards development for the industry. .

  8. SEM based overlay measurement between resist and buried patterns

    Science.gov (United States)

    Inoue, Osamu; Okagawa, Yutaka; Hasumi, Kazuhisa; Shao, Chuanyu; Leray, Philippe; Lorusso, Gian; Baudemprez, Bart

    2016-03-01

    With the continuous shrink in pattern size and increased density, overlay control has become one of the most critical issues in semiconductor manufacturing. Recently, SEM based overlay of AEI (After Etch Inspection) wafer has been used for reference and optimization of optical overlay (both Image Based Overlay (IBO) and Diffraction Based Overlay (DBO)). Overlay measurement at AEI stage contributes monitor and forecast the yield after formation by etch and calibrate optical measurement tools. however those overlay value seems difficult directly for feedback to a scanner. Therefore, there is a clear need to have SEM based overlay measurements of ADI (After Develop Inspection) wafers in order to serve as reference for optical overlay and make necessary corrections before wafers go to etch. Furthermore, to make the corrections as accurate as possible, actual device like feature dimensions need to be measured post ADI. This device size measurement is very unique feature of CDSEM , which can be measured with smaller area. This is currently possible only with the CD-SEM. This device size measurement is very unique feature of CD-SEM , which can be measured with smaller area. In this study, we assess SEM based overlay measurement of ADI and AEI wafer by using a sample from an N10 process flow. First, we demonstrate SEM based overlay performance at AEI by using dual damascene process for Via 0 (V0) and metal 1 (M1) layer. We also discuss the overlay measurements between litho-etch-litho stages of a triple patterned M1 layer and double pattern V0. Second, to illustrate the complexities in image acquisition and measurement we will measure overlay between M1B resist and buried M1A-Hard mask trench. Finally, we will show how high accelerating voltage can detect buried pattern information by BSE (Back Scattering Electron). In this paper we discuss the merits of this method versus standard optical metrology based corrections.

  9. Procesamiento semántico en la arquitectura ARIES

    OpenAIRE

    Iglesias Fernandez, Carlos Angel; González Cristóbal, José Carlos; Nieto Serrano, Amalio Francisco; Goñi Menoyo, José Miguel; López López, Jesús

    1993-01-01

    Este artículo afronta el problema de la conversión de estructuras morfosintácticas a una representación semántica basada en marcos y viceversa. Los algoritmos de interpretación presentados emplean el mismo conjunto de reglas para realizar dicha conversión en ambos sentidos (para análisis y generación) y se centran en recorrer el árbol morfosintáctico/semántico de forma descendente aplicando las reglas de interpretación recursivamente a sus constituyentes.

  10. SEM imaging of acoustically stimulated charge transport in solids

    Science.gov (United States)

    Emelin, Evgeny; Cho, H. D.; Insepov, Zeke; Lee, J. C.; Kang, Tae Won; Panin, Gennady; Roshchupkin, Dmitry; Tynyshtykbayev, Kurbangali

    2017-06-01

    Acoustically stimulated charge transport in solids was studied using the scanning electron microscopy method (SEM). The surface acoustic wave on the surface of the YZ-cut of a LiNbO3 crystal was visualized by registration of low-energy secondary electrons in SEM, and the charge distribution on the crystal surface was visualized using the electron beam induced current method. To register the induced current, an interdigital transducer structure was formed from graphene on the crystal surface. It was shown that the charge distribution on the crystal surface corresponds to the distribution of the acoustic wave field on the crystal surface.

  11. A Data-Driven Approach to SEM Development at a Two-Year College

    Science.gov (United States)

    Pirius, Landon K.

    2014-01-01

    This article explores implementation of strategic enrollment management (SEM) at a two-year college and why SEM is critical to the long-term viability of an institution. This article also outlines the five initial steps needed to implement SEM, including identifying SEM leadership, building a SEM committee, developing a common understanding of…

  12. Pancreatitis aguda: revisión de las nuevas guías del 2013

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pablo Orellana Soto

    2014-03-01

    Full Text Available La pancreatitis aguda es una patología que se produce por una inflamación del tejido pancreático y la consecuente liberación de las enzimas producidas por este órgano. Afecta, además del tejido pancreático, tejidos cercanos, produciendo complicaciones locales, y sistemas más alejados, produciendo falla orgánica. Según la evidencia de falla orgánica persistente se define la severidad de la enfermedad. En el 2013 se publicaron las guías actualizadas sobre el diagnóstico y manejo de esta patología por el “American College of Gastroenterology”, donde se analizó más de 150 artículos y se buscó dar recomendaciones según evidencia o criterio de expertos, tomando en cuenta lo avanzado en los últimos años. El objetivo de este artículo es realizar una revisión bibliográfica de estas guías y de otras referencias de relevancia.

  13. Subtipos moleculares de PML/RARα en pacientes con leucemia promielocítica aguda

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    María del Carmen Castro-Mujica

    2013-03-01

    Full Text Available El objetivo fue describir la frecuencia de los subtipos moleculares de PML/RARα en pacientes con leucemia promielocítica aguda (LPA y su distribución según grupo de riesgo de recaída y citomorfología. Se realizó una serie de casos que incluyó a cincuenta pacientes registrados en el Instituto Nacional de Enfermedades Neoplásicas (INEN, durante el periodo 2010-2012, con diagnóstico molecular de LPA PML/RARα y subtipos bcr1, bcr2 y bcr3 por reacción en cadena de la polimerasa con transcriptasa reversa (RT-PCR. El subtipo bcr1 fue el más frecuente (62%. Los pacientes con riesgo de recaída intermedio y morfología hipergranular fueron, en su mayoría, bcr1 (70% y todos los que poseían riesgo de recaída alto y morfología hipogranular fueron bcr3. Se concluye que en la población estudiada hay un predomino del subtipo bcr1 y que existen diferencias en la distribución de los subtipos bcr1 y bcr3 según el grupo de riesgo de recaída y citomorfología

  14. OTITIS MEDIA AGUDA. DIAGNÓSTICO Y MANEJO PRÁCTICO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dr. Francisco J. Krause

    2016-11-01

    Full Text Available La otitis media aguda es una patología infecciosa del oído medio muy frecuente. El diagnóstico es clínico, por lo que es fundamental un acucioso examen físico y una neumootoscopía para evaluar la movilidad timpánica. Hay dos tendencias respecto al manejo, tratamiento antibiótico inmediato u observación estricta (dependiendo de las características del paciente y del cuadro clínico. Los gérmenes más frecuentes son los virus, Neumococo, Haemophilus influenza y Moraxella catarrhalis. La prevalencia de cada uno de ellos varía según región geográfica y según la presencia de vacunación. La resistencia a antibióticos ha ido en aumento en estos años, pero aún puede considerarse sensible a amoxicilina por lo que se recomienda su uso como primera línea. En el caso de fracaso a tratamiento pueden utilizarse asociaciones con B-lactámicos y/o cefalosporinas, dejando en forma excepcional clindamicina o quinolonas. Aquellos niños con OMA recurrente requerirán evaluación por especialidad para mayor estudio y tratamiento.

  15. Meningitis aguda por Streptococcus Constellatus: a propósito de un caso fatal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maikel Vargas Sanabria

    2011-09-01

    Full Text Available Se presenta el caso de un paciente masculino de 14 años, con el único antecedente de sinusitis resuelta hacía un año, que desarrolló de nuevo una pansinusitis y una meningitis aguda que lo llevó en diez días a la muerte. Durante su estancia hospitalaria no fue posible determinar el agente etiológico, sin embargo los cultivos post mortem demostraron que el microorganismo presente era Streptococcus constellatus un comensal habitual de las mucosas del ser humano, del cual se han descrito muy pocos casos de meningitis en pacientes inmunocompetentes, lo cual hace de este caso un verdadero reto diagnóstico para los médicos tratantes y los anatomopatólogos.The present case is of a 14 year-old male with the only history of a sinusitis that solved one year before presentation.The patient developed a newly-onset pansinusitis followed by pyogenic meningitis that lead him to death ten days after. It was not possible to determine the etiologic agent during his hospitalization but postmortem culture tests taken from the leptomeninges and the etmoidal cells showed Streptococcus constellatus, a usual commensal in human mucous membranes. Very few cases of acute meningitis caused by S. constellatus have been described in immunocompetent patients, which makes this case a real diagnostic challenge for clinicians and pathologists.

  16. Hepatitis autoinmune precedida por infección aguda por citomegalovirus en una mujer inmunocompetente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    María Vares González

    2012-05-01

    Full Text Available El diagnóstico diferencial de las hepatitis es amplio y complejo, y con mucha frecuencia corresponde al médico internista filiar la etiología de la misma. De etiopatogenia no claramente establecida, lo que caracteriza a la hepatitis autoinmune (HAI es la pérdida de tolerancia inmune frente a los antígenos de los hepatocitos, conduciendo a la destrucción del parénquima hepático por linfocitos T autorreactivos. El papel de ciertos virus como factores favorecedores de la disregulación autoinmune ha sido propuesto previamente, en base a lo demostrado por los estudios de investigación y a la evidencia clínica. A continuación se expone un caso de HAI precedido por una infección aguda por CMV, lo que otorga al caso un interés particular, pues su incidencia es excepcional, existiendo sólo tres casos recogidos en la literatura (dos de ellos en pacientes sanos de 17 años, y otro en un varón inmunodeprimido trasplantado de médula ósea.

  17. Actuación de enfermería en la leucemia mieloide aguda.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Melchor Pino, Pilar

    2012-08-01

    Full Text Available La leucemia mieloide aguda (LMA es una proliferación neoplásica de células inmaduras de estirpe mieloide que se produce por una alteración en el crecimiento y diferenciación de las células hematopoyéticas.En este trabajo se presenta un caso clínico sobre un paciente de 37 años diagnosticado de LMA. Se hace una valoración de las necesidades básicas siguiendo el modelo de Virginia Henderson al ingreso del paciente, mediante una entrevista dirigida y la obtención de datos mediante la observación.El objetivo general es elaborar un plan individualizado de cuidados a dicho paciente, mediante la aplicación del Proceso Enfermero y la utilización de la taxonomía NANDA-NOC-NIC que nos permitirá aplicar unos cuidados de calidad a este paciente.Cuando el paciente abandone el hospital, la enfermera le entregará un informe de alta, que asegurará la continuidad de sus cuidados.

  18. Miocarditis aguda en varón de 22 años

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    ML. Valle Feijóo

    2013-09-01

    Full Text Available La miocarditis es una enfermedad inflamatoria del miocardio. La infección viral es la causa más común de miocarditis en países desarrollados y puede presentarse con una amplia gama de síntomas, desde disnea o dolor torácico que se resuelve sin tratamiento específico a shock cardiogénico y muerte. El diagnóstico presuntivo se basa en la presentación clínica y pruebas diagnósticas no invasivas, aunque la biopsia endomiocárdica continua siendo el patrón de oro para el diagnóstico in vivo de miocarditis. Tras su implantación en la práctica clínica, la resonancia cardíaca se ha convertido en la herramienta principal para la evaluación no invasiva de inflamación del miocardio en pacientes con sospecha de miocarditis.Describimos el caso de un joven que fue admitido por dolor torácico y disnea aguda, donde la resonancia cardíaca fue la herramienta diagnóstica fundamental para el diagnóstico de miocarditis.

  19. Coréia aguda na gravidez Acute chorea in pregnancy: comments on twelve consecutive cases

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Walter C. Pereira

    1967-12-01

    Full Text Available São apresentados doze casos de coréia aguda observados entre 150.000 gestantes (1/12.500. A maioria dos surtos ocorreu no segundo trimestre da primeira gravidez. A duração média dos sintomas foi de três meses, não tendo sido registrado caso algum de óbito materno. Todos os partos foram espontâneos e normais. Houve apenas um óbito fetal conseqüente a choque hemorrágico. São tecidas considerações a propósito dos aspectos clínico, laboratorial e prognóstico da coréia gravídica, sendo focalizado mais pormenorizadamente o problema fisiopatogênico dessa afecção.Twelve consecutive cases of acute chorea occurring among 150.000 pregnant women (1/12.500 are reported. Most of the cases occurred from the fourth do the sixth month of the first pregnancy. The average duration of the symptoms was of three months and no one case of maternal death was verified in the group. The deliveries were spontaneous and normal in all the patients. Only one case of fetal death occurred in consequence of a hemorragic shock. Comments are made on the clinical, laboratorial and prognostic features of chorea gravidarum, being particulary focused the physiopathogenic problem of this condtion.

  20. FISIOPATOLOGÍA DE LA INSUFICIENCIA RENAL AGUDA.NUEVAS CLAVES PARA UN VIEJO DILEMA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos G. Musso

    2008-01-01

    Full Text Available Insuficiencia renal aguda (IRA es el término con el cual se designa a la reducción abrupta y sostenida del filtrado glomerular, de la cual resulta la retención de productos de desecho del metabolismo corporal. Clásicamente se dividen los mecanismos de la IRA en pre-renal, parenquimatoso, y obstructivo.En el caso de la IRA parenquimatosa, ésta pareciera ser el resultado de la sumatoria de las múltiples variables: necrosis y apoptosis tubular, alteración de la barrera de filtración, retrodifusión del filtrado glomerular, vasoconstricción intra-renal, contracción del mesangio, obstrucción intratubular, inflamación intersticial, activación de enzimas proteolíticas, entre otros.Por este motivo se postula que sólo una mirada de perspectiva multicausal de este síndrome pareciera ser la estrategia adecuada para conseguir su entendimiento cabal y tendiente a la resolución del mismo.

  1. Epidemia de esquistossomose aguda na praia de Porto de Galinhas, Pernambuco, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Constança Simões Barbosa

    2001-06-01

    Full Text Available Este trabalho notifica a ocorrência de um surto de esquistossomose aguda na praia de Porto de Galinhas, Pernambuco, Brasil, quando 662 pessoas tiveram diagnóstico positivo para Schistosoma mansoni. A infecção humana em massa ocorreu no feriado de 7 de setembro, quando chuvas pesadas provocaram a enchente do rio Ipojuca que invadiu as residências. A maioria dos casos agudos foi representada por famílias de residentes locais que tiveram exposição diária às cercárias durante três semanas, até que as águas baixassem. O inquérito malacológico aponta para a possibilidade dos caramujos vetores terem sido introduzidos na localidade com os aterros realizados em quintais, onde vieram a se reproduzir em criadouros peridomiciliares. A infecção dos moluscos se deu a partir de vazamentos de fossas. Os resultados da clínica e do laboratório apontam para cerca de 62% de casos agudos. Estudos complementares estão sendo realizados, para a melhor compreensão deste evento epidemiológico de significativa magnitude para os órgãos de saúde pública e impacto para a população afetada.

  2. Toxicidad aguda de las hojas de Xanthium spinosum en ratones BALB/C

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Arturo Silvero-Isidre

    2016-01-01

    Full Text Available Las hojas de la planta Xanthium spinosum se utilizan culturalmente en Paraguay por sus propiedades medicinales. Se evaluó la toxicidad aguda del extracto de hojas maduras; para el estudio se seleccionaron 35 ratones BALB/C machos que fueron distribuidos en 7 grupos, 6 de ensayo y 1 de control. El extracto fue preparado en concentraciones de 6 y 9% (g/dL; se administró la solución 6% a tres grupos y la solución 9% a los otros tres grupos, con dosis entre 200 y 1000 mg/kg. Al final de 14 días de observación, se extrajeron muestras de sangre para estudios laboratoriales de urea y transaminasas, además de órganos para estudios anatomopatológicos. Se determinaron aumentos en los niveles de GOT y urea en comparación al grupo control. Se concluye que el consumo del extracto de hojas maduras de Xanthium spinosum puede causar daño hepático.

  3. Necrose tubular aguda e anemia grave após uso intermitente de rifampicina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eduardo Santos

    2013-03-01

    Full Text Available A rifampicina (RFP pode ser administrada diariamente ou num esquema intermitente. Quando é administrada de forma intermitente pode produzir reações imuno-alérgicas graves. Apresentamos o caso clínico de um pa-ciente que, após tratamento com RFP de forma intermitente para uma infeção por Mycobacterium intracellulare, desenvolveu quadro de necrose tubular aguda, anemia, prolongamento dos tempos de coagulação e citó-lise hepática ligeira. Após suspensão do fármaco houve recuperação em 24h das alterações da coagulação e da citólise hepática, tendo tido no entanto necessidade de hemodiálise por persistência de anúria e uremia, e transfusão de concentrados de eritrócitos pela gravidade da anemia. Teve alta com recuperação de todas as disfunções.

  4. Insuficiência renal aguda em paciente tratada com ATRA e anfotericina B: relato de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gelcimar Moresco

    2011-06-01

    Full Text Available O presente relato apresenta o caso clínico de uma paciente com leucemia promie-locítica aguda tratada com ácido todo-transretinoico (ATRA, que apresentou suspeita de síndrome do ácido transreti-noico (síndrome de ATRA. Com a ocor-rência de leucopenia febril inespecífica, foram associados ao tratamento antimi-crobianos e antifúngicos. A diminuição da função renal, observada inicialmente, contribuiu para a suspeita de síndrome de ATRA, que foi agravada pelos antifúngi-cos. Assim, o uso de ATRA foi suspenso, mas somente 8 dias depois foi caracteriza-da pneumonia e descartada a hipótese de síndrome de ATRA. Nesse contexto, foi discutida a nefrotoxicidade do ATRA e a potencialização desse efeito adverso pelo uso de antifúngicos nefrotóxicos, em par-ticular da anfotericina B, assim como a im-portância do diagnóstico diferencial entre síndrome de ATRA e doença infecciosa.

  5. Osteomielitis aguda en los niños Acute osteomyelitis in children

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ronald Armando Noguera Valverde

    2008-03-01

    Full Text Available INTRODUCCIÓN. La osteomielitis aguda es una infección del hueso que afecta principalmente a los niños y tiene generalmente diseminación hematógena, a veces asociada a un trauma. En la etiología influyen factores, como la edad, el estado inmunológico y las enfermedades concomitantes. En la mayoría de los casos, el principal agente etiológico es Staphylococcus aureus. Es importante el diagnóstico oportuno para evitar secuelas a mediano o largo plazo. El objetivo de este estudio fue describir las características epidemiológicas de un grupo de pacientes con osteomielitis aguda. MÉTODOS: Se realizó la revisión retrospectiva de los expedientes clínicos de pacientes egresados del servicio de infectología del Hospital Nacional de Niños, en Costa Rica, entre agosto de 1994 y enero de 1995, con diagnóstico de osteomielitis aguda. RESULTADOS. Se registraron 49 egresos y se tabularon datos de 35 pacientes. El 65 % fueron varones; la edad media fue 7 ± 3,42 años y la estancia fue de 10,31 ± 5,55 días. Se aisló Staphylococcus aureus en el 28 % de los casos; Haemophilus influenzae en un caso (3 %, en sangre (hemocultivo positivo. No se aisló germen en el 57 % de los casos. Los sitios anatómicos afectados fueron principalmente la tibia (26 %, el fémur (20 % y el calcáneo (17 %. Fue utilizada oxacilina en el tratamiento de 30 de los 35 pacientes (86 % y la amikacina, en el 61 % de los casos. En las cepas de S. aureus se encontró una resistencia a la oxacilina del 7 %. CONCLUSIONES. Los hallazgos fueron similares a los reportados en la literatura en cuanto a etiología, sitio anatómico afectado y cobertura antibiótica. El clínico debe sospechar una osteomielitis aguda en todo niño con fiebre, dolor óseo e inflamación con afectación funcional, sea de aparición espontánea o asociada a trauma, para efectuar un diagnóstico oportuno y un tratamiento eficaz.INTRODUCTION. Acute osteomyeliltis is a bone infection that affects mainly

  6. Obesidade e doença arterial coronariana: papel da inflamação vascular Obesidad y enfermedad arterial coronaria: papel de la inflamación vascular Obesity and coronary artery disease: role of vascular inflammation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Gomes

    2010-02-01

    Full Text Available A obesidade vem se tornando uma epidemia global. Cerca de 1,1 bilhões de adultos e 10% das crianças do mundo são atualmente considerados portadores de sobrepeso ou obesos. Classicamente associada a fatores de risco para doença cardiovascular, como diabete melito e hipertensão arterial sistêmica, a obesidade vem sendo cada vez mais encarada como fator de risco independente para doença arterial coronariana (DAC. A aterosclerose coronariana compreende uma série de respostas inflamatórias em nível celular e molecular, cujas reações se encontram mais exacerbadas em pacientes obesos. Antes considerado mero depósito de gordura, o tecido adiposo é visto hoje em dia como órgão endócrino e parácrino ativo, produtor de diversas citocinas inflamatórias, como as adipocinas. Este artigo visa alertar para o grave problema de saúde pública em que a obesidade se tornou nas últimas décadas e correlacionar o processo inflamatório exacerbado nos indivíduos obesos com a maior incidência de DAC nessa população.La obesidad se está tornando una epidemia global. Cerca de 1,1 billones de adultos y el 10% de los niños del mundo están considerados actualmente portadores de sobrepeso u obesos. Clásicamente asociada a factores de riesgo para enfermedad cardiovascular, como diabetes melitus e hipertensión arterial sistémica, la obesidad se está considerando cada vez más factor de riesgo independiente para enfermedad arterial coronaria (EAC. La aterosclerosis coronaria comprende una serie de respuestas inflamatorias a nivel celular y molecular, cuyas reacciones se encuentran más exacerbadas en pacientes obesos. Antes considerado mero depósito de grasa, el tejido adiposo está visto hoy en día como órgano endócrino y parácrino activo, productor de diversas citocinas inflamatorias, como las adipocinas. Este artículo apunta a alertar sobre el grave problema de salud pública en que se convirtió la obesidad en las últimas décadas y

  7. Perfil nutricional e lipídico de mulheres na pós-menopausa com doença arterial coronariana Nutritional status and lipid profile of postmenopausal women with coronary heart disease

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aparecida de Oliveira

    2005-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o estado nutricional e perfil lipídico de mulheres na pós-menopausa com doença arterial coronariana. MÉTODOS: Estudo transversal retrospectivo de dados obtidos do prontuário médico de 217 mulheres, na ocasião da 1º consulta no Ambulatório de Nutrição do InCor, referentes ao estado nutricional, pelo índice de massa corpórea, uso de medicamentos hipolipemiantes e lípides plasmáticos (colesterol e frações. RESULTADOS: A média de idade foi 60,98 ± 9,23 anos com prevalência de obesidade em 56%. O uso de medicamentos hipolipemiantes foi observado em 73% da população. Quanto ao perfil lipídico, 56% apresentavam níveis plasmáticos adequados de HDL-c. O estado nutricional esteve inadequado devido à prevalência de obesidade, o que implica no surgimento de outras doenças crônicas, como as dislipidemias. Embora não se tenha verificado a dosagem utilizada, o emprego de hipolipemiantes pela população estudada não pareceu ser favorável, pois foram observados níveis elevados de colesterol total e LDL-c, que nessa condição, encontram-se fortemente relacionados à ocorrência de doenças cardiovasculares. CONCLUSÃO: Faz-se necessária a ação multidisciplinar em programas de Saúde da Mulher, abrangendo aspectos preventivos relacionados à doença arterial coronariana para, assim, melhorar a qualidade de vida nessa população.OBJECTIVE: To assess the nutritional status and lipid profile of postmenopausal women with coronary heart disease. METHODS: A retrospective cross-sectional study was conducted with information obtained from the medical records of 217 women on the occasion of their first visit to the InCor Nutrition Outpatient Care Clinic. The data referred to the patients' nutritional status, body mass index, use of lipid-lowering medication, and serum lipid levels (cholesterol and fractions. RESULTS: The mean age was 60.98 ± 9.23 years, and obesity prevailed in 56% of the patients. The use of lipid

  8. Dosagem de microalbuminúria em hipertensos e em pacientes portadores de doença coronariana Determination of microalbuminuria in hypertensive patients and in patients with coronary artery disease

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Pereira Silva

    2008-02-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A taxa normal de excreção de albumina em 24 horas é de 20 mg. A taxa persistente de 30 a 300 mg/dia é chamada de microalbuminúria (MA e está relacionada com maior prevalência de doença cardiovascular. OBJETIVO: Determinar a prevalência de microalbuminúria em um grupo de hipertensos e em um grupo de portadores de doença coronariana; e determinar a relação da presença de microalbuminúria com hipertensão arterial, diabete melitus, dislipidemia, tabagismo e obesidade. MÉTODOS:: Determinamos a presença de microalbuminúria num grupo de hipertensos (73 indivíduos e num grupo de coronariopatas (39 indivíduos, e comparamos com um grupo-controle (43 indivíduos. Considerou-se como microalbuminúria a relação albumina/creatinina maior que 30 e menor que 300 em amostra isolada de urina matinal. Na análise estatística, foram utilizados os testes do qui-quadrado e o teste exato de Fisher. RESULTADOS: A microalbuminúria esteve presente em 9,5% dos hipertensos, em 33% dos coronariopatas e não esteve presente em nenhum indivíduo do grupo-controle. Ao analisar a ocorrência de microalbuminúria segundo os diversos parâmetros clínicos, independentemente do grupo a que pertenciam, verificamos correlação estatisticamente significativa com idade, diabete e dislipidemia. CONCLUSÃO: 1 A prevalência de microalbuminúria em indivíduos hipertensos é elevada, sendo ainda mais elevada em portadores de doença coronariana; 2 existe correlação da presença de microalbuminúria com idade, diabete e dislipidemia.BACKGROUND: The normal 24-hour albumin excretion rate is of 20 mg. A persistent rate of 30 to 300 mg/day is called microalbuminuria and is related to a higher prevalence of cardiovascular disease. OBJECTIVE: 1 To determine the prevalence of microalbuminuria in a group of hypertensive patients and in a group of patients with coronary artery disease; 2 To determine the relationship between the presence of microalbuminuria

  9. Prevalência e fatores de risco na associação entre doença arterial coronariana e aneurisma de aorta Prevalence and risk factors for combined coronary artery disease and aortic aneurysm

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Romério Costa Ferro

    2007-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a prevalência da doença arterial coronariana (DAC em portadores de aneurisma de aorta (AA, bem como as diferenças relacionadas às diferentes topografias. Descrever os principais fatores de risco para DAC relacionados a esta associação e suas eventuais diferenças de acordo com as diferentes topografias. MÉTODOS: Estudo prospectivo, aberto, não randomizado que avaliou 95 pacientes (62 homens, 33 mulheres, idade 63 ± 11,8 anos com AA. Todos os pacientes, assintomáticos para DAC, possuíam tomografia computadorizada de aorta e angiografia coronariana. De acordo com a topografia do AA, eles foram divididos em três grupos: 1 pacientes com AA torácica (AAT; 2 com AA toracoabdominal (ATA e 3 com AA abdominal (AAA. Foi criado um banco de dados com as informações clínicas e de exames complementares. A análise estatística realizada com o teste t de Student ou análise de variância (ANOVA para as variáveis contínuas e qui-quadrado para as categóricas, sendo considerado p significante quando 70% e 19 (31,6% > 50%. Quinze pacientes (25% eram uniarteriais, 11 (18% biarteriais e 34 (57% triarteriais. CONCLUSÃO: Em portadores de AA a prevalência de DAC assintomática é elevada, principalmente naqueles com AAA. Os resultados deste estudo sugerem a necessidade de uma estratificação diagnóstica para DAC nos portadores de AA, principalmente nos com AAA.OBJECTIVE: To evaluate CAD prevalence in patients with aortic aneurysm, as well as differences related to aneurysm topographies. To describe the primary risk factors for CAD related to this association and their occasional differences according to AA topographies. METHODS: This was an open, prospective, nonrandomized study that evaluated 95 patients (66 men and 33 women, mean age 63 ± 11.8. All patients, asymptomatic for CAD, had undergone aortic CT and coronary angiography. According to the AA topography, they were classified into three groups: 1 patients with thoracic

  10. SEM Investigation of Superheater Deposits from Biomass-Fired Boilers

    DEFF Research Database (Denmark)

    Jensen, Peter Arendt; Frandsen, Flemming; Hansen, Jørn

    2004-01-01

    , mature superheater deposit samples were extracted from two straw-fired boilers, Masnedø and Ensted, with fuel inputs of 33 MWth and 100 MWth, respectively. SEM (scanning electron microscopy) images and EDX (energy dispersive X-ray) analyses were performed on the deposit samples. Different strategies...

  11. SemEval 2014 Task 5 - L2 Writing Assistant

    NARCIS (Netherlands)

    Gompel, M. van; Hendrickx, I.H.E.; Bosch, A.P.J. van den; Lefever, E.; Hoste, V.

    2014-01-01

    We present a new cross-lingual task for SemEval concerning the translation of L1 fragments in an L2 context. The task is at the boundary of Cross-Lingual Word Sense Disambiguation and Machine Translation. It finds its application in the field of computer-assisted translation, particularly in the con

  12. Applications of CryoSEM in medical research

    NARCIS (Netherlands)

    Stokroos, [No Value; Kalicharan, D; Jongebloed, WL; Robins, A

    1999-01-01

    The field emission scanning electron microscope (FE-SEM) allows imaging resolution clown to 0.5-1.5 nm, With this improved resolution, the cryo-preparation technique (Cryo-FE-SEWI) can now compete with freeze-fracture replication techniques for the transmission electron microscope (TEM) and with sta

  13. Comparing SVARs and SEMs : Two models of the UK economy

    NARCIS (Netherlands)

    Jacobs, J.P.A.M.; Wallis, K.F.

    2005-01-01

    The structural vector autoregression (SVAR) and simultaneous equation macroeconometric model (SEM) styles of empirical macroeconomic modelling are compared and contrasted, with reference to two models of the UK economy, namely the long-run structural VAR model of Garratt, Lee, Pesaran and Shin and t

  14. Orbital abscess secondary to acute dacryocystitis: case report Abscesso orbitário secundário à dacriocistite aguda: relato de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcia Clivati Martins

    2008-08-01

    Full Text Available Acute dacryocystitis usually induces preseptal infection. In rare instances the infection that is confined to the lacrimal sac can extend to the orbital contents resulting in orbital cellulitis. We present a case of intraconal abscess secondary to acute dacryocystitis and review the literature of orbital cellulitis resulting from acute lacrimal sac infection.A dacriocistite aguda comumente evolui para infecção pré-septal. Raramente a infecção localizada no saco lacrimal pode estender-se ao conteúdo orbitário resultando em celulite orbitária. Apresentamos um caso de abscesso orbitário intraconal secundário à dacriocistite aguda e uma revisão de literatura de celulite orbitária causada por infecção aguda do saco lacrimal.

  15. Expanding the Conversation about SEM: Advancing SEM Efforts to Improve Student Learning and Persistence--Part I

    Science.gov (United States)

    Yale, Amanda

    2010-01-01

    It's now nearly ten years since the author started participating in and presenting at national conferences related to strategic enrollment management (SEM). Having entered this profession with nearly 20 years of experience in transitional initiatives related to the first-year experience and academic advisement services, she has perceived an…

  16. Expanding the Conversation about SEM: Advancing SEM Efforts to Improve Student Learning and Persistence--Part II

    Science.gov (United States)

    Yale, Amanda

    2010-01-01

    The first article in this two-part series focused on the need for enrollment management conceptual and organizational models to focus more intentionally and purposefully on efforts related to improving student learning, success, and persistence. Time and again, SEM is viewed from a conventional lens comprising marketing, recruitment and …

  17. FIB/SEM and SEM/EDS microstructural analysis of metal-ceramic and zirconia-ceramic interfaces.

    Science.gov (United States)

    Massimi, F; Merlati, G; Sebastiani, M; Battaini, P; Menghini, P; Bemporad, E

    2012-01-10

    Recently introduced FIB/SEM analysis in microscopy seems to provide a high-resolution characterization of the samples by 3D (FIB) cross-sectioning and (SEM) high resolution imaging. The aim of this study was to apply the FIB/SEM and SEM/EDS analysis to the interfaces of a metal-ceramic vs. two zirconia-ceramic systems. Plate samples of three different prosthetic systems were prepared in the dental lab following the manufacturers' instructions, where metal-ceramic was the result of a ceramic veneering (porcelain-fused-to-metal) and the two zirconia-ceramic systems were produced by the dedicated CAD-CAM procedures of the zirconia cores (both with final sintering) and then veneered by layered or heat pressed ceramics. In a FIB/SEM equipment (also called DualBeam), a thin layer of platinum (1 μm) was deposited on samples surface crossing the interfaces, in order to protect them during milling. Then, increasingly deeper trenches were milled by a focused ion beam, first using a relatively higher and later using a lower ion current (from 9 nA to 0.28 nA, 30KV). Finally, FEG-SEM (5KV) micrographs (1000-50,000X) were acquired. In a SEM the analysis of the morphology and internal microstructure was performed by 13KV secondary and backscattered electrons signals (in all the samples). The compositional maps were then performed by EDS probe only in the metal-ceramic system (20kV). Despite the presence of many voids in all the ceramic layers, it was possible to identify: (1) the grain structures of the metallic and zirconia substrates, (2) the thin oxide layer at the metal-ceramic interface and its interactions with the first ceramic layer (wash technique), (3) the roughness of the two different zirconia cores and their interactions with the ceramic interface, where the presence of zirconia grains in the ceramic layer was reported in two system possibly due to sandblasting before ceramic firing.

  18. Estratégias de prevenção da lesão renal aguda em cirurgia cardíaca: revisão integrativa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eduesley Santana-Santos

    2014-04-01

    Full Text Available A lesão renal aguda é uma complicação frequente após cirurgia cardíaca, estando associada ao aumento de morbidade e mortalidade, e ao maior tempo de permanência em unidade de terapia intensiva. Considerando a alta prevalência e a associação da lesão renal aguda com o pior prognóstico, o desenvolvimento de estratégias de proteção renal torna-se indispensável, especialmente em pacientes com alto risco para o desenvolvimento de lesão renal aguda, como aqueles submetidos à cirurgia cardíaca, com o intuito de minimizar a incidência da lesão renal aguda no âmbito hospitalar, reduzindo, dessa forma, a alta morbimortalidade. A presente revisão integrativa teve por objetivo avaliar as evidências disponíveis na literatura sobre as intervenções mais eficazes na prevenção da lesão renal aguda em pacientes submetidos à cirurgia cardíaca. Para seleção dos artigos, utilizaram-se as bases de dados CINAHL e MedLine. A amostra desta revisão constituiu-se de 16 artigos. Após a análise dos artigos incluídos na revisão, os resultados dos estudos apontaram que apenas a hidratação com solução salina apresenta resultados consideráveis na prevenção de lesão renal aguda. As demais estratégias são controversas e necessitam de mais pesquisas para comprovar eficácia.

  19. Efeito da prednisona em lesão medular aguda experimental em ratos Effect of prednisone on acute experimental spinal cord injury in rats

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C.M.O. Silva

    2008-06-01

    Full Text Available Foram utilizados 25 ratos (Rattus novergicus submetidos a trauma experimental da medula espinhal, empregando-se aparelho estereotáxico com um peso de 50,5g comprimindo a duramáter durante cinco minutos. Após o trauma, os animais foram divididos em cinco grupos de cinco. O grupo A (controle recebeu placebo oito horas após o trauma; os grupos B, C, D e E receberam prednisona oito, 24, 48 e 120 horas após o trauma, respectivamente. A prednisona foi administrada na dose inicial de 2mg/kg, durante cinco dias, com diminuição progressiva até o 26º dia. Os animais foram avaliados conforme a capacidade motora, posicionamento proprioceptivo, reflexo de localização, plano inclinado e sensibilidade dolorosa. Após 33 dias da cirurgia, foram sacrificados para avaliação histológica das medulas espinhais. Observaram-se degeneração das raízes nervosas, necrose medular, inflamação local e reação glial, sem diferenças entre os grupos. Não houve correlação entre os testes neurológicos. A utilização da prednisona na lesão medular aguda não teve efeito diferenciado com o tempo e não foi prejudicial na recuperação neurológica, mesmo quando utilizada tardiamente.Twent-five rats (Rattus novergicus were submitted to an experimental spinal cord injury by using a 50.5g stereotaxic equipament to apply pressure on the duramater during five minutes. After the spinal cord injury, the animals were randomly distributed into five groups of five animals each: one group received placebo 8 hours after injury and the remaining four groups received prednisone at 8, 24, 48, and 120 hours after injury. Prednisone was applied at 2mg/kg dosage during five days and progressively reduced until the 26th day. Animals were evaluated by motor capacity, proprioceptive positioning, locating reflex, inclined plan, and sensibility to pain. The animals were sacrificed 33 days after surgery for histological study of the spinal cords that revealed degeneration of the

  20. Injuria renal aguda en la sepsis grave Acute kidney injury in severe sepsis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hernán Trimarchi

    2009-06-01

    Full Text Available La sepsis afecta al 40% de los pacientes críticos, siendo su mortalidad de aproximadamente un 30% en el caso de la sepsis grave, y de 75% con injuria renal aguda, la cual sucede en el 20-51% de los casos. Se realizó un estudio prospectivo, observacional, longitudinal, en 80 pacientes sépticos graves en el lapso de 1 año para determinar el desarrollo de injuria renal aguda y su relación con la mortalidad; correlacionar antecedentes clínicos y variaciones del laboratorio con la mortalidad; determinar la tasa de mortalidad de la sepsis grave; relacionar óbito y foco séptico primario; evaluar la predictibilidad de mortalidad según niveles de creatinina de ingreso y sus variaciones finales. Se definieron dos grupos: Obito (n = 25 y No-óbito (n = 55. Analizados según la creatinina de ingreso, 39 tenían valores normales de creatinina (10 óbitos y 41 la presentaban elevada (15 óbitos; según la creatinina de egreso, 48 presentaron creatinina normal y fallecieron 7, mientras que 32 tenían daño renal agudo, de los cuales 18 fallecieron. De los 25 pacientes fallecidos, el 72% presentaron daño renal. De éstos, 7 pacientes vivos y 2 fallecidos requirieron hemodiálisis. El foco primario más frecuente fue el respiratorio (26.4%. El desarrollo de daño renal es un alto predictor de mortalidad en la sepsis, independientemente de los valores iniciales de creatinina. Edad más avanzada, hipertensión arterial, score APACHE más elevado, anemia más grave, hipoalbuminemia, hiperfosfatemia e hiperkalemia se asociaron a mayor mortalidad. La mortalidad global fue 31.3%. La imposibilidad de identificar el foco séptico primario se asoció a mayor mortalidad. El foco respiratorio se relacionó a mayor riesgo de requerir hemodiálisis.Sepsis affects 40% of critically ill patients, with a reported mortality of approximately 30% in severe sepsis, raising to 75% when acute kidney injury ensues, which occurs in about 20-51% of cases. The present study

  1. Presión arterial sistólica y pronóstico funcional en pacientes con enfermedad vascular cerebral aguda: Registro mexicano de enfermedad vascular cerebral

    OpenAIRE

    Baños-González,Manuel; Cantú-Brito,Carlos; Chiquete,Erwin; Arauz, Antonio; Ruiz-Sandoval,José Luís; Villarreal-Careaga,Jorge; Barinagarrementeria,Fernando; Lozano,José Juan

    2011-01-01

    Objetivo: Analizar la asociación de la presión arterial sistólica (PAS) al ingreso hospitalario y la evolución clínica a 30 días en pacientes con enfermedad vascular cerebral (EVC) aguda. Métodos: El REgistro NAcional Mexicano de Enfermedad VAScular Cerebral (RENAMEVASC) es un registro hospitalario multicéntrico realizado de noviembre de 2002 a octubre de 2004. Se registraron 2000 pacientes con distintos síndromes clínicos de EVC aguda confirmados por neuroimagen. La estratificación de la evo...

  2. Colesterol y triglicéridos como marcadores bioquímicos del estado de la enfermedad del paciente con leucemia linfocítica aguda

    OpenAIRE

    Marco Guzmán; Miguel Sandoval

    2004-01-01

    Objetivo: Determinar la relación de los niveles séricos de colesterol y triglicéridos con el estado de respuesta al tratamiento quimioterápico de inducción de pacientes con leucemia linfocítica aguda. Material y Métodos: La muestra la conforman 25 pacientes de 2 a 18 años de edad, admitidos al Instituto de Enfermedades Neoplásicas con un diagnóstico reciente de leucemia linfocítica aguda; determinándose en ellos sus concentraciones séricas de colesterol total, colesterol-HDL, colesterol-LDL y...

  3. A importancia da medida do indice de resitencia nas arterias arqueadas para odiagnostico da rejeição renal aguda

    OpenAIRE

    Jamal Baracat

    1997-01-01

    Resumo: Foram realizados 86 exames ultra-sonográfícos em 57 pacientes submetidos ao transplante renal, com estudo Doppler. Retrospectivamente, foram analisadas a sensibilidade, a especificidade, o valor preditivo positivo e o valor preditivo negativo da medida do índice de resistência (índice de Pourcelot) nas artérias arqueadas, para o diagnóstico de rejeição renal aguda. Avaliamos dois grupos de pacientes: o primeiro, com evidências clínicas e laboratoriais de disfunção aguda do enxerto,...

  4. Glomerulonefritis aguda post-infecciosa asociada a neumonía neumocócica Acute post infectious glomerulonephritis associated to pneumococcal pneumonia

    OpenAIRE

    S. Fernández de Miguel; E. de Goicoechea Manzanares; M. Gaboli; J.M. Sánchez Granados; V. Murga Herrera

    2009-01-01

    Presentamos un niño de 6 años con insuficiencia renal aguda secundaria a glomerulonefritis asociada a neumonía neumocócica. El paciente presentó en primer lugar un síndrome nefrítico con hematuria, proteinuria, oliguria, edemas y deterioro de la función renal, siendo diagnosticado a continuación de neumonía con derrame pleural. La función renal se normalizó tras 72 horas, persistiendo una hipertensión arterial que precisó tratamiento en la fase aguda. El cuadro se resolvió sin secue...

  5. Evidencia de la fisioterapia del pulmón profundo (postiaux) versus tratamiento convencional en niños con bronquitis vírica aguda

    OpenAIRE

    Barranco Gómez, Miriam

    2014-01-01

    La bronquiolitis vírica aguda supone un grave problema para la sanidad debido a que tiene una elevada prevalencia los primeros años de edad y a los alarmantes costes que supone para la sanidad pública. El objetivo de este estudio es contrastar la eficacia del tratamiento llevado a cabo con las técnicas de fisioterapia respiratoria descritas por Guy Postiaux comparándolo con el tratamiento con técnicas convencionales de fisioterapia respiratoria en pacientes con bronquiolitis vírica aguda. ...

  6. Estudio comparativo de los hallazgos radiográficos pre y post tratamiento en pacientes con diagnóstico clínico de sinusitis maxilar aguda.

    OpenAIRE

    SALAS SANCHEZ, Willy Alfredo; CENTENO HUAMAN, Jorge; LANDA CONTRERAS, Ernesto; AMAYA CHUNGA, José Manuel; BENITES GALVEZ, Maria del Rosario

    2013-01-01

    Objetivo: Determinar los hallazgos radiográficos pre y post tratamiento en pacientes con diagnóstico clínico de Sinusitis Maxilar Aguda. Material y métodos: Se realizó un estudio prospectivo descriptivo comparativo en pacientes que tuvieron diagnóstico clínico de sinusitis maxilar aguda. Se incluyeron 28 pacientes. Todos presentaron curación clínica luego de un tratamiento antibiótico por 10 días. La radiografía post tratamiento fue tomada entre la primera y segunda semana post-tratamiento. R...

  7. Estudio epidemiológico de los brotes de gastroenteritis aguda de etología vírica en Cataluña

    OpenAIRE

    Torner Gràcia, Núria

    2008-01-01

    La gastroenteritis aguda es un problema de salud, constituyendo la primera causa de morbilidad y de mortalidad en la población infantil en los países en vías de desarrollo. En países desarrollados cerca del 10% de las hospitalizaciones en menores de 5 años se produce por esta causa. Afecta también a los adultos y especialmente a los ancianos, suponiendo el segundo o tercer motivo de consulta en servicios sanitarios de todo tipo. Las gastroenteritis agudas pueden estar causadas por bacterias, ...

  8. Osteomielitis hematogénica aguda en Pediatría: análisis de casos atendidos en hospital universitario

    OpenAIRE

    Pedro Fiorini Puccini; Maria Aparecida G. Ferrarini; Antônio Vladir Iazzetti

    2012-01-01

    OBJETIVO: Descrever a ocorrência, a evolução e o desfecho de pacientes com osteomielite hematogênica aguda na faixa etária pediátrica. MÉTODOS: Estudo descritivo de 21 casos de pacientes de zero a 14 anos com diagnóstico de osteomielite hematogênica aguda, em acompanhamento no Ambulatório de Infectologia Pediátrica da Escola Paulista de Medicina entre 2005 e 2009. A coleta de dados ocorreu pelo levantamento de prontuários. Realizaram-se a análise descritiva e o teste de correlação de Spearman...

  9. Evidencia de la fisioterapia del pulmón profundo (postiaux) versus tratamiento convencional en niños con bronquitis vírica aguda

    OpenAIRE

    Barranco Gómez, Miriam

    2014-01-01

    La bronquiolitis vírica aguda supone un grave problema para la sanidad debido a que tiene una elevada prevalencia los primeros años de edad y a los alarmantes costes que supone para la sanidad pública. El objetivo de este estudio es contrastar la eficacia del tratamiento llevado a cabo con las técnicas de fisioterapia respiratoria descritas por Guy Postiaux comparándolo con el tratamiento con técnicas convencionales de fisioterapia respiratoria en pacientes con bronquiolitis vírica aguda. ...

  10. Estratificación de los factores de riesgo de las enfermedades diarreícas agudas en la provincia de La Habana

    OpenAIRE

    Arniella Pérez, Ángela

    2006-01-01

    En el año 2002 la provincia La Habana ocupaba el tercer lugar del país en cuanto a tasa de Enfermedades Diarreícas Agudas, encontrándose por encima de la Tasa nacional. Sobre esta base la presente investigación tiene como objetivo general: Determinar la situación epidemiológica de las Enfermedades Diarreícas Agudas por Consejos Populares, según los factores de riesgo seleccionados a criterio de expertos, utilizando el Sistema de Información Geográfica en la Provincia La Habana. Se creó ...

  11. Glomerulonefritis aguda post-infecciosa asociada a neumonía neumocócica Acute post infectious glomerulonephritis associated to pneumococcal pneumonia

    OpenAIRE

    S. Fernández de Miguel; E. de Goicoechea Manzanares; M. Gaboli; J.M. Sánchez Granados; V. Murga Herrera

    2009-01-01

    Presentamos un niño de 6 años con insuficiencia renal aguda secundaria a glomerulonefritis asociada a neumonía neumocócica. El paciente presentó en primer lugar un síndrome nefrítico con hematuria, proteinuria, oliguria, edemas y deterioro de la función renal, siendo diagnosticado a continuación de neumonía con derrame pleural. La función renal se normalizó tras 72 horas, persistiendo una hipertensión arterial que precisó tratamiento en la fase aguda. El cuadro se resolvió sin secue...

  12. Acometimento cardíaco em pacientes com doença de Chagas aguda em microepidemia familiar, em Abaetetuba, na Amazônia Brasileira

    OpenAIRE

    Pinto, Ana Yecê das Neves; Harada,Geraldo Saburo; Valente,Vera da Costa; Abud,José Elson Araújo; Gomes,Francisco dos Santos; Souza,Gilberto César Rodrigues de; Valente,Sebastião Aldo da Silva

    2001-01-01

    Os autores mostram os principais achados clínicos relativos ao acometimento cardíaco, em pacientes portadores de doença de Chagas aguda em mais um episódio de microepidemia familiar na Amazônia brasileira. Foram estudados 13 pacientes com doença de Chagas aguda, procedentes do município de Abaetetuba-PA e submetidos à avaliação clínica e cardiológica, eletrocardiograma e ecocardiograma. As extra-sístoles supraventriculares e/ou ventriculares ocorreram em 38,5% dos casos. Bloqueios de ramo dir...

  13. Amigdalitis aguda recurrente bacteriana: Estudio prospectivo, comparativo y controlado de sus características clínicas y microbiológicas

    OpenAIRE

    Der M,Carolina; Iñiguez C,Rodrigo; Guzman D,Ana Maria; Jofré P,David; Iñiguez C,Armando; Labarca L,Jaime

    2007-01-01

    Introducción: La amigdalitis aguda recurrente es una patología de frecuente consulta, es una de las indicaciones de amigdalectomía. No se sabe con exactitud el origen de esta patología. Objetivo: Identificar la microbiología y patrones de susceptibilidad de las bacterias en la amigdalitis aguda recurrente bacteriana (AARB) a los antimicrobianos más comúnmente en el medio nacional, usados en su tratamiento. Material y método: Se planificó un estudio prospectivo, controlado y ciego. Se evaluaro...

  14. Estudio comparativo de los hallazgos radiográficos pre y post tratamiento en pacientes con diagnóstico clínico de sinusitis maxilar aguda.

    OpenAIRE

    Willy Alfredo Salas Sanchez; Jorge Centeno Huaman; Ernesto Landa Contreras; José Manuel Amaya Chunga; Maria del Rosario Benites Galvez

    2013-01-01

    Objetivo: Determinar los hallazgos radiográficos pre y post tratamiento en pacientes con diagnóstico clínico de Sinusitis Maxilar Aguda. Material y métodos: Se realizó un estudio prospectivo descriptivo comparativo en pacientes que tuvieron diagnóstico clínico de sinusitis maxilar aguda. Se incluyeron 28 pacientes. Todos presentaron curación clínica luego de un tratamiento antibiótico por 10 días. La radiografía post tratamiento fue tomada entre la primera y segunda semana post-tratamiento. R...

  15. Uso do sulfato de magnésio venoso para tratamento da asma aguda grave da criança no pronto-socorro

    OpenAIRE

    Tânia Mara Baraky Bittar; Sérgio Diniz Guerra

    2012-01-01

    A asma aguda grave é uma emergência médica que deve ser diagnosticada e tratada rapidamente. O tratamento inicial inclui broncodilatadores e corticosteróides sistêmicos. Em casos graves, com fraca resposta ao tratamento padrão, o sulfato de magnésio venoso surge como opção terapêutica. O objetivo deste artigo foi revisar a literatura sobre o uso do sulfato de magnésio venoso na asma aguda em crianças no pronto-socorro no que se refere a eficácia, indicação, dosagem, efeitos adversos e contrai...

  16. Presión arterial sistólica y pronóstico funcional en pacientes con enfermedad vascular cerebral aguda: Registro mexicano de enfermedad vascular cerebral

    OpenAIRE

    Baños-González,Manuel; Cantú-Brito, Carlos; Chiquete, Erwin; Arauz, Antonio; Ruiz-Sandoval,José Luís; Villarreal-Careaga,Jorge; Barinagarrementeria,Fernando; Lozano,José Juan

    2011-01-01

    Objetivo: Analizar la asociación de la presión arterial sistólica (PAS) al ingreso hospitalario y la evolución clínica a 30 días en pacientes con enfermedad vascular cerebral (EVC) aguda. Métodos: El REgistro NAcional Mexicano de Enfermedad VAScular Cerebral (RENAMEVASC) es un registro hospitalario multicéntrico realizado de noviembre de 2002 a octubre de 2004. Se registraron 2000 pacientes con distintos síndromes clínicos de EVC aguda confirmados por neuroimagen. La estratificación de la evo...

  17. Manifestações orais decorrentes da quimioterapia em crianças portadoras de leucemia linfocítica aguda

    OpenAIRE

    Morais,Everton Freitas de; Lira,Jadson Alexandre da Silva; Macedo,Rômulo Augusto de Paiva; Santos,Klaus Steyllon dos; Elias,Cassandra Teixeira Valle; Morais, Maria de Lourdes Silva de Arruda

    2014-01-01

    Introdução: A leucemia linfocítica aguda é um dos tipos de câncer mais comuns em crianças e é caracterizada pela produção excessiva e desordenada de leucócitos imaturos na medula óssea. Objetivo: Identificar as manifestações orais mais frequentes em crianças portadoras de leucemia linfocítica aguda sob o tratamento quimioterápico. Metodologia: A pesquisa foi realizada nas bases de dados eletrônicas PubMed/Med...

  18. Proteínas de fase aguda como biomarcadores en medicina y producción porcina

    OpenAIRE

    Saco Rodríguez, Yolanda

    2013-01-01

    El objetivo fundamental de esta tesis fue valorar la utilidad de las concentraciones plasmáticas de las proteínas de fase aguda (PFAs) como biomarcadores de enfermedades e indicadores de los parámetros productivos en la especie porcina. Las PFAs son parámetros bioquímicos que incrementan su concentración en respuesta a diferentes tipos de agresiones que afectan al organismo. En la especie porcina las tres PFAs más importantes son: haptoglobina (Hp), Pig Major Acute Phase Protein (Pig-MAP) y P...

  19. Estudio del gen IKZF1 y de microdeleciones intragénicas en la leucemia linfoblástica aguda

    OpenAIRE

    Gómez Seguí, Inés

    2015-01-01

    La leucemia Linfoblástica Aguda (LLA) es una neoplasia caracterizada por una gran diversidad de alteraciones genéticas. En los últimos años, se ha descrito la ocurrencia de pequeñas deleciones focales en genes de relevancia para la célula linfoide. En concreto, las que afectan a IKZF1 parecen tener valor pronóstico en la edad pediátrica. OBJETIVOS: Estudiar la presencia de microdeleciones en los genes CDKN2A, CDKN2B, PAX5, ETV6, EBF1, BTG1, RB1, la región pseudoautosómica del cromosoma X/Y...

  20. Encefalomielite aguda disseminada – pós-infecção por Herpes Vírus 6

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joana Amorim

    2016-09-01

    Discussão: Trata-se de um caso clínico de ADEM com atingimento predominantemente medular, obrigando ao diagnóstico diferencial com outros quadros de paraparésia flácida de instalação aguda ou subaguada. Pretende -se alertar para a possibilidade de ocorrência deste tipo de manifestações neurológicas após infeção por herpes vírus 6.