WorldWideScience

Sample records for camundongos isogenicos imunizados

  1. Evaluation of the immune response to CRA and FRA recombinant antigens of Trypanosoma cruzi in C57BL/6 mice Avaliação da resposta imune em camundongos C57BL/6 imunizados com os antígenos recombinantes CRA e FRA de Trypanosoma cruzi

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valéria Rêgo Alves Pereira

    2003-07-01

    Full Text Available Humoral and cellular immune responses were evaluated in 44 C57BL/6 mice immunized with the Trypanosoma cruzi recombinant antigens CRA and FRA. Both antigens induced cutaneous immediate-type hypersensitivity response. The levels of IgG1, IgG2a, IgG2b and IgG3 were high in CRA immunized mice. IgG3 was the predominant isotype. Although no difference in antibody levels was observed in FRA-immunized mice when compared to control mice, both antigens were able to induce lymphoproliferation in immunized mice. Significant differences were observed between incorporation of [³H]- thymidine by spleen cell stimulated in vitro with CRA or FRA and the control group. These results suggest that CRA and FRA could be involved in mechanisms of resistance to Trypanosoma cruzi infection.As respostas imune humoral e celular foram avaliadas em 44 camundongos C57Bl/6 imunizados com os antígenos recombinantes CRA e FRA de Trypanosoma cruzi. Ambos antígenos induziram reação de hipersensibilidade do tipo imediato. Os níveis de IgG1, IgG2a, IgG2b e IgG3 foram elevados nos camundongos imunizados com CRA. IgG3 foi o isotipo predominante. Nenhuma diferença nos níveis de anticorpos foi observada em camundongos imunizados com FRA em relação aos animais controle. No entanto, ambos antígenos foram capazes de induzir proliferação de linfócitos em camundongos imunizados. Diferenças significativas foram observadas entre a incorporação da timidina - [³H] pelas células esplênicas estimuladas com CRA ou FRA e o grupo controle. Esses resultados sugerem que CRA e FRA poderão estar envolvidos nos mecanismos de resistência à infecção pelo Trypanosoma cruzi.

  2. Toxoplasma gondii vs ionizing radiation: cell and humoral immunity in spleen and gut of isogenic mice immunized with {sup 60}Co irradiated tachyzoites; Toxoplasma gondii vs radiacao ionizante: imunidade humoral e celular em baco e intestino de camundongos isogenicos imunizados com taquizoitos irradiados por cobalto 60

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Galisteo, Junior, Andres Jimenez

    2008-07-01

    We are developing a vaccine for toxoplasmosis, using ionizing radiation as a tool. Here we analyzed the production of systemic and intestinal immunity, with protection studies, in several strains of inbred mice, by oral or parenteral route, using 255 Gy irradiated tachyzoites of T. gondii RH strain, with challenge with cysts of ME- 49 strain. C57Bl/6j, BALB/c and C57Bl/6j IFN-{gamma}{sup -/-} mice were immunized with 10{sup 7} irradiated tachyzoites, be parenteral or oral route. Those preparations, both by parenteral or oral routes, induced the production of specific IgG, mainly of the lgG2b subclass, and IgA immunoglobulins in serum, , as determined by ELISA. IgM production was negligible. Parenteral immunized mice showed higher IgG avidity maturation, as compared to oral immunized mice. Fecal excretion of IgG, IgA and IgM was detected in stools of immunized animals, more intense in oral immunized mice. In cellular immunity studies, induced by antigen, with detection of cytokine production by quantitative real-time PCR, there are a great production of IFN-y by spleen cells, with lower levels in Peyer patches cells, where there are a greater IL-2 production. Challenge studies in immunized mice demonstrated protection to infection in all used schedules, greater in BALB/c mice. C57Bl/6j IFN-{gamma} -{sup /-} mice, when immunized, showed no signs of disease and produced similar or greater levels of antibodies than wild type mice. They also excreted S-lgA and S-IgM in stools, but with low numbers of brain cysts in parenteral immunized mice, despite similar mortality. Our data points to a fair possibility of use of those irradiated parasites as an oral vaccine, devised to use for veterinary or wild felines vaccination, reducing the production of oocysts by those hosts and interrupting the chain transmission of human toxoplasmosis. (author)

  3. Toxoplasma gondii: humoral and cellular immune response of BALB/c mice immunized via intranasal route with rTgROP2 Toxoplasma gondii: avaliação da resposta imune humoral e celular de camundongos BALB/c imunizados pela via nasal com rTgROP2

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Michelle Igarashi

    2010-12-01

    Full Text Available TgROP2 is an intracellular protein associated with rhoptries of Toxoplama gondii and an antigen component of a candidate vaccine for toxoplasmosis. The purpose of the present study was to evaluate the efficacy of rTgROP2 to stimulate humoral and cellular immune responses in BALB/c mice via intranasal injection. TgROP2 partial coding sequence was (196-561 amplified by PCR from genomic T. gondii RH strain DNA and cloned into the pTrcHis expression vector. Escherichia coli Rosetta 2 cells transformed with pTrcHis-TgROP2 showed high levels (~1 mg.mL-1 of recombinant protein after 4 hours of IPTG induction. Recombinant TgROP2 exhibited an apparent Mr equal to 54 kDa. In order to test immunogenicity of the recombinant protein, 10 BALB/c mice received 10 µg of rROP2 protein + 10 µg of Quil-A via intranasal injection. Doses were administered at days 0, 21, and 42. Three animals were euthanized and used to evaluate cell-ular immune response on day 62. Five (50% and two (20% out of ten animals produced IgG (DO mean = 0.307; cut-off = 0.240 and IgA (DO mean = 0.133, cut-off = 0.101, respectively, by ELISA on day 62. The proliferation of splenocytes revealed high stimulation index (SI when co-cultured with 5, 10 and 15 µg.mL-1 of rTgROP2. These results indicate that intranasal immunization with recombinant protein ROP2 plus Quil-A can elicit both cellular and humoral immune responses in BALB/c mice.TgROP2 é uma proteína localizada nas roptrias do Toxoplasma gondii, sendo um antígeno candidato a componente de uma vacina contra a toxoplasmose. O objetivo do presente estudo foi avaliar a eficácia da TgROP2 recombinante em estimular a resposta imune celular e humoral de camundongos BALB/c após estímulo intranasal. A sequência da TgROP2 foi amplificada pela PCR a partir da cepa RH e clonada em vetor de expressão pTrc-His. Após a transformação em Escherichia coli- Rosetta 2, a pTrcHis-TgROP2 exibiu alto nível de expressão após 4 horas de indu

  4. Mielencefalite espontânea dos camundongos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hermínio Linhares

    1944-02-01

    Full Text Available 1 — Duas amostras de vírus capazes de produzir uma mielencefalite foram isoladas de dois camundongos brancos suíços, de criação, espontâneamente infetados, em um total de 7.000 animais examinados; uma terceira amostra foi obtida por trituração e filtração dos intestinos de camundongos aparentemente normais. 2 — Foram feitas separadamente dez passagens por inoculação intra¬cerebral em camundongos jovens e adultos. Verificou-se por testes de imunidade cruzada que as três amostras eram idênticas. Prossegiu-se então nas passagens com apenas uma das amostras. 3 — O poder infetante aumenta com o número de passagens: o período médio de incubação diminui e aumenta a letalidade. 4 — A infecção espontânea e experimental é descrita. A doença parece ser mais comum em animais jovens. O período de incubação varia de 5 a 30 dias. Às vêzes observa-se uma fase prodromica: fraqueza, menor atividade, dificuldade em andar; geralmente surge a paralisia flácida sem sintomas prévios, na grande maioria das vêzes, nos membros posteriores. Três formas clínicas foram observadas: super-aguda, aguda e crônica. 5 — Em camundongos normais o vírus pode ser demonstrado nas fezes e nos intestinos. Ele é comum no tubo digestivo e só ocasionalmente invade o sistema nervoso central, ou melhor, a encefalomielite e primàriamente uma doença do trato digestivo no qual a invasão do SNC é um acidente. 6 — O vírus passa através de velas de CHAMBERLAND L3 e L5, em BER KEFED V, N e W e em filtro Seitz EK, a suspensão sendo tão ativa como antes da filtração. Conserva-se bem em glicerina a 50% pelo menos 60 dias, se guardado na geladeira. Suspensão de cérebro e medula aquecida em banho-maria a 56°C por 30 minutos perde a atividade. 7 — O título variou entre 4.000 e 20.000 dmm. 8 — Obteve-se infecção por inoculação intracerebral, por instilação nasal e, com menos regularidade, por inoculação intraperitoneal; a via g

  5. Animais de laboratório: o camundongo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M. CHORILLI

    2009-01-01

    Full Text Available

    A experimentação animal nas pesquisas científicas tem contribuído sobremaneira para o desenvolvimento da ciência e tecnologia, promovendo ao longo dos anos a descoberta de medidas profiláticas e tratamentos de enfermidades que acometem os seres humanos. Animais de várias espécies têm sido utilizados nos últimos tempos, sendo os camundongos os mais intensamente utilizados e os mais profundamente conhecidos cientificamente. O objetivo deste trabalho foi realizar um levantamento bibliográfico, incluindo os trabalhos do nosso grupo, sobre o emprego de camundongos na experimentação animal, abordando sua biologia geral, fisiologia de reprodução, sistemas de criação, genética, habitação, alimentação, manejo, dor e eutanásia, técnicas de risco desenvolvidas na experimentação, coleta de sangue, experimentos farmacológicos e toxicológicos. Embora tendências atuais preconizem a utilização de métodos alternativos (estudos in vitro, culturas de células, etc., os modelos animais, como os camundongos, apresentam como principal vantagem o fornecimento de informações sobre o organismo como um todo, fato que não é conseguido com outros métodos, o que ainda possibilita o seu emprego em pesquisas científicas. Palavras-chave: experimentação animal; camundongo; biologia geral; técnicas de risco na experimentação.

  6. Avaliação Laboratorial de Anticorpos Contra o Vírus da Hepatite C em Voluntários Imunizados contra a Hepatite B

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elaine Cristina de Santana Garcia

    2015-12-01

    Full Text Available Considerando que (1 após a imunização contra o HBV é possível detectarmos níveis séricos de anti-HBc e anti-HBSag, (2 a infecção pelo HBV ocorre, principalmente, através de contato sexual, sendo mais freqüentemente associada com os vírus das hepatites tipos A, B, C e Delta com evolução para doenças hepática crônica e (3 a definição do agente infeccioso responsável pela hepatite C (diagnóstico etiológico é dada através da investigação do marcador sorológico Anti-HCV, este trabalho apresentou como objetivo investigar, através de ensaio de ELISA, a possível reação cruzada de anticorpos contra o vírus da Hepatite C em voluntários imunizados contra a Hepatite B. Assim, neste estudo, selecionamos 20 voluntários (ambos os sexos imunizados contra o vírus da hepatite B e que relataram não serem portadores do vírus da hepatite C. Em amostras de soro, foi realizada, através de ensaio imunoenzimático (ELISA, a pesquisa de anticorpos IgM contra o vírus da hepatite C. A análise laboratorial revelou que todos os voluntários selecionados não foram capazes de produzir anticorpos contra o vírus da hepatite C quando submetidos à imunização contra o vírus da hepatite B. Este estudo mostra que a imunização contra o vírus da hepatite B realizada na Rede Pública de Saúde é, exclusivamente, capaz de produzir resposta imune humoral somente contra este agente viral e não permite a estimulação de anticorpos inespecíficos.

  7. Arquitetura comparativa dos pulmões de camundongos normais e afetados pela Distrofia Muscular de Duchenne

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thais B. Lessa

    2015-12-01

    Full Text Available Resumo: A Distrofia Muscular de Duchenne (DMD é uma doença genética de caráter recessivo que caracterizada por fraqueza muscular progressiva de cintura pélvica e escapular evoluindo para insuficiência respiratória e, ou cardíaca. O camundongo mdx é um modelo amplamente utilizado para estudos da DMD. Apesar do fenótipo destes animais serem mais suave, estes apresentam o principal músculo respiratório, o diafragma com morfologia e bioquímica semelhante à DMD humana, fato este que pode comprometer a função respiratória e consequentemente os pulmões. Foi realizado um estudo anatômico descritivo do parênquima pulmonar dos pulmões de 5 animais modelo mdx comparando estes com os pulmões de 5 camundongos BALB/C57 (Mus musculus. Os pulmões foram analisados macroscopicamente e através de microscopia de luz e eletrônica de varredura. Os achados sugerem que o modelo mdx apresenta morfologia pulmonar semelhante aos camundongos BALB/C57 e que seu uso deve ser cauteloso e criterioso em ensaios clínicos que aborde este órgão.

  8. Antibody response in cattle after vaccination with inactivated and attenuated rabies vaccines Resposta imune humoral anti-rábica em bovinos imunizados com vacina inativada e atenuada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andréa de Cássia RODRIGUES da SILVA

    2000-04-01

    Full Text Available Despite the absence of current official reports showing the number of cattle infected by rabies, it is estimated that nearly 30,000 bovines are lost each year in Brazil. In order to minimize the important economic losses, control of the disease is achieved by eliminating bat colonies and by herd vaccination. In this study, we compare the antibody response in cattle elicited by vaccination with an attenuated ERA vaccine (AEvac and an inactivated-adjuvanted PV (IPVvac vaccine. The antibody titers were appraised by cell-culture neutralization test and ELISA, and the percentage of seropositivity was ascertained for a period of 180 days. IPVvac elicited complete seropositivity rates from day 30 to day 150, and even on day 180, 87% of the sera showed virus-neutralizing antibody titers (VNA higher than 0.5IU/ml. There were no significant differences between the VNA titers and seropositivity rates obtained with IPVvac in the two methods tested. AEvac, however, elicited significantly lower titers than those observed in the group receiving inactivated vaccine. In addition, the profiles of antirabies IgG antibodies, evaluated by ELISA, and VNA, appraised by cell-culture neutralization test, were slightly different, when both vaccines were compared.A raiva bovina, transmitida principalmente pelo morcego hematófago Desmodus rotundus, é endêmica em várias regiões do Brasil, com um crescente número de casos sendo registrados anualmente. O controle desta infecção em bovinos é feito pelo controle de colônias de morcegos hematófagos e pela vacinação dos rebanhos. Embora as vacinas inativadas sejam mais seguras e mais estáveis que as vacinas atenuadas, estas últimas são ainda amplamente utilizadas em muitas regiões do país, por se acreditar que confiram imunidade mais duradoura. Neste estudo, foram comparadas as respostas anticórpicas de dois grupos de bovinos imunizados com uma vacina atenuada e uma inativada disponíveis comercialmente. Os

  9. Efeito de Momordica charantia I. Em camundongos infectados por Plasmodium berghei

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Helene Mariko Ueno

    1996-10-01

    Full Text Available A Organização Mundial de Saúde (OMS citou a malãria como um dos principais problemas de saúde no Brasil e no terceiro mundo, onde 80% da população recorre à medicina tradicional (popular para sanar vários problemas de assistência médica primária. No que se refere à malária, seu tratamento e controle têm sido dificultados devido às cepas resistentes às drogas comumente utilizadas. Isso torna urgente a busca de novas drogas antimaláncas. Sabe-se que a população utiliza-se de diferentes plantas para o tratamento e cura de vários males, inclusive a malãria. Neste trabalho nos propusemos reavaliar o efeito de Momordica charantia L. (Cucurbitaceae sobre camundongos infectados por Plasmodium berghei. A planta foi testada sob a forma de extratos aquoso e etanólico, na dose de lOOOmg por kg cle peso coipóreo do camundongo, ministrado por via oral, por cinco dias consecutivos da infecção (2º ao 6º. O efeito foi avaliado em função da parasitemia e da sobrevida dos animais. Embora a população indique e utilize essa planta na malária humana, nos ensaios deste trabalho, nas condições do experimento, os extratos de M. charantia não apresentaram atividade satisfatória contra o P. berghei.

  10. Estudo comparativo do ciclo evolutivo de Rhodnius neglectus alimentados em pombos ou camundongos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Liléia Diotaiuti

    1987-06-01

    Full Text Available Baseados no encontro de 77,2% de reação de precipitina positiva para soro antiave de R. neglectus capturados em palmeiras da periferia de Belo Horizonte, estudamos o ciclo evolutivo de uma colonia recém-estabelecida no laboratório alimentada com sangue de pombo ou camundongo, na expectativa de demonstrarmos maior adaptação deste triatomíneo ao sangue da ave. Para comparação, estudamos o ciclo evolutivo destes insetos numa colônia há muito mantida em insetário. Nossos resultados mostram um desenvolvimento mais rápido da colônia recém- estabelecida, assim como do lote de triatomíneos alimentado em camundongo. Esses achados sugerem menor potencial biológico para triatomíneos criados por longo tempo em insetário em comparação a novas colônias. Sendo as aves os principais habitantes das palmeiras, a aparente preferência alimentar por sangue de aves demonstrada pela reação de precipitina parece ser circunstancial e não seletiva na busca do sangue com o qual o triatomíneo obteria melhor desenvolvimento.Feeding pattems of R. neglectus collected in palm trees around Belo Horizonte (Minas Gerais, Brazil were investigated. Precipitin tests showed 77.2% of avian blood. In view of these results, a new colony of R. neglectus established in the laboratory was fed regularly on pigeons or mice, in order to verify a possible better adaptation of this insect to the avian blood. As a control group a colony of R neglectus which has been maintained for several years in the laboratory was also observed. The results show a better development of the “new" colony in comparison with the old one, and of those bugs nourished with mice blood. Such findings suggest a poorer biological potential for triatomines maintained for long time in artificial conditions, in comparison with those living in the natural environment. As birds are the main vertebrate inhabitants of palm trees (the natural ecotope of R neglectus, the apparent feeding preference of

  11. Expressao genica associada ao estresse oxidativo no coracao de camundongo apos isquemia intestinal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Frederico Somaio Neto

    2014-03-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: O fenômeno da isquemia e reperfusão intestinal é um evento frequente na clínica e está associado a repercussões deletérias em órgãos a distância, em especial ao coração. OBJETIVO: Investigar a expressão gênica do estresse oxidativo e defesa antioxidante no coração de camundongos isogênicos, submetidos a isquemia e reperfusão intestinal (IR. MÉTODOS: Doze camundongos (C57BL/6 foram distribuídos em dois grupos: Grupo IR (GIR com 60 min de oclusão da artéria mesentérica superior, seguidos de 60 min de reperfusão. Grupo Controle (GC submetidos a anestesia e a laparotomia sem o procedimento de IR observados por 120 min. As amostras de intestino e coração foram processadas pelo método (RT-qPCR / Reverse transcriptase - quantitative Polymerase Chain Reaction para determinar a expressão gênica de 84 genes relacionados ao estresse oxidativo ("t" de Student, p < 0,05. RESULTADOS: Observou-se no tecido intestinal (GIR uma expressão significantemente aumentada em 65 (74,71% genes em relação ao tecido normal (GC, e 37 (44,04% genes estiveram hiperexpressos (maior que três vezes o limiar permitido pelo algoritmo. No tocante aos efeitos da I/R intestinal a distância no tecido cardíaco verificou-se a expressão significantemente aumentada de 28 genes (33,33%, mas somente oito genes (9,52% se hiperexpressaram três vezes acima do limiar. Quatro (7,14% desses oito genes se expressaram simultaneamente nos tecidos intestinal e cardíaco. No GIR notaram-se cardiomiócitos com núcleos de menor tamanho, picnóticos, ricos em heterocromatina e raros nucléolos, indicando sofrimento cardíaco. CONCLUSÃO: A I/R intestinal promoveu a hiperexpressão estatisticamente significante de oito genes associados ao estresse oxidativo a distância no tecido miocárdico.

  12. Infecção experimental pelo Encephalitozoon cuniculi em camundongos imunossuprimidos com dexametasona

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lallo Maria Anete

    2002-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: O microsporídio Encephalitozoon cuniculi tem sido reconhecido como um patógeno oportunista em indivíduos imunossuprimidos, tais como pacientes com Aids. O objetivo do trabalho foi desenvolver animais farmacologicamente imunossuprimidos como modelo da infecção natural pelo E. cuniculi. MÉTODOS: Foram usados grupos distintos de camundongos Balb-C adultos, imunossuprimidos com diferentes doses de dexametasona (Dx, 3 ou 5 mg/kg/dia por via intraperitoneal fraction three-quarters IP e inoculados com esporos de E. cuniculi por via IP. Também foram usados grupos controle (animais inoculados, mas nãoimunossuprimidos, e animais imunossuprimidos, mas não inoculados. Os esporos de E. cuniculi foram previamente cultivados em células MDCK. Os animais foram sacrificados e submetidos à necropsia aos 7, 14, 21, 28 e 35 dias pós-inoculação. Fragmentos teciduais foram coletados e processados para análise por microscopia de luz, utilizando-se as técnicas de coloração de Gram -chromotrope e de hematoxilina-eosina. RESULTADOS: Em todos os animais imunossuprimidos e inoculados, porém especialmente naqueles que receberam 5 mg/kg/dia de Dx, os achados de necropsia mais proeminentes foram hepato e esplenomegalia. A inoculação experimental resultou em uma infecção disseminada e não-letal, caracterizada por lesões granulomatosas em diversos órgãos (fígado, pulmões, rins, intestino, encéfalo, porém mais notadamente no tecido hepático. Esporos de E. cuniculi foram observados em poucos animais tratados com 5 mg/kg/dia de Dx aos 35 dias pós-infecção. CONCLUSÕES: Microsporidiose em camundongos imunossuprimidos com Dx fornece um modelo útil para estudos da infecção por microsporídios, assemelhando-se àquela naturalmente observada em indivíduos imunodeficientes com Aids.

  13. Estudo da atividade do látex do Croton urucurana Baill. sobre o trânsito gastrintestinal de camundongos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luilma Albuquerque Gurgel

    Full Text Available O presente trabalho tem como propósito avaliar uma possível atividade inibitória do látex do Croton urucurana Baill. sobre o trânsito gastrintestinal de camundongos, bem como tentar esclarecer os possíveis mecanismos de ação envolvidos em sua atividade. Foram utilizados os modelos de trânsito gastrintestinal normal e trânsito gastrintestinal estimulado por fisostigmina em camundongos. Os resultados obtidos mostram que o látex inibiu o trânsito gastrintestinal de camundongos, e, muito embora seu mecanismo de ação ainda não seja claro, seu efeito é independente da participação de mecanismo opióide, colinérgico, α2-adrenérgico ou nitriérgico.

  14. Características testiculares de touros imunizados com vacina anti-hormônio liberador do hormônio luteinizante Testicular characteristics of bulls immunosterilized with anti-luteinizing hormone-releasing hormone vaccine

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Zanella

    2009-10-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a ação imunoesterilizadora de uma vacina anti-hormônio liberador de hormônio luteinizante (LHRH, composta por ovalbumina-LHRH-7 e tiorredoxina-LHRH-7, em touros mestiços Nelore. Vinte e seis touros, com dois anos de idade, foram distribuídos aleatoriamente em dois grupos de 13 animais. No grupo I, os animais receberam uma dose e dois reforços da vacina nos dias 0, 141, e 287 do experimento. No grupo II, os animais não receberam nenhum tratamento (controle. Para avaliar o efeito da vacina nos touros, foi realizada a mensuração da circunferência escrotal no início do experimento e no dia do abate, 741 dias depois. Por ocasião do abate, também foi coletada uma amostra dos testículos para avaliação histológica. O grupo imunizado apresentou circunferência escrotal ao abate de 22±5,98 cm, menor do que a do grupo controle que foi de 35,6±2,4 cm. Na análise histológica dos animais do grupo imunizado, foi observada degeneração testicular com ausência de espermatozoides em 85% dos animais avaliados, os outros 15% apresentaram redução no número de espermatozoides, em comparação aos animais do grupo controle. A vacina anti-LHRH, com fusão de proteínas, é efetiva na castração imunológica de touros e deve ser considerada como alternativa para utilização na produção bovina extensiva no Brasil.The objective of this study was to evaluate the immunosterilization action of the anti-luteinizing hormone-releasing hormone (LHRH vaccine, composed with ovalbumin-LHRH-7 and thioredoxin-LHRH-7, in Nelore-cross bulls. Twenty-six 2-year old bulls were randomly assigned in two groups of 13 animals each. The animals of group I received a primary and two booster injections of the vaccine on days 0, 141, and 287 of the experiment. In group II, the control group, the bulls did not receive any type of treatment. Scrotal circumference was measured in the beginning of the experiment and at slaughter

  15. Alterações da junção neuromuscular em miopatias experimentais no camundongo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Fernando Bleggi Torres

    1989-06-01

    Full Text Available As alterações morfológicas observadas em junção neuromuscular de dois modelos de miopatia em camundongos são estudadas por métodos histoquímicos para demonstrar atividade da enzima acetilcolinesterase e por microscopia eletrônica. Em ambas as situações os resultados obtidos são similares, indicando que a junção neuromuscular permanece intacta mesmo quando a fibra que inerva está sofrendo necrose. Em fibras musculares regeneradas há acentuada simplificação das pregas pós-sinápticas, com redução de até 50% dos valores normais, comprovado por estudos morfométricos. A ausência de repercussões fisiológicas ou clínicas detectáveis nesses modelos, apesar da significativa hipotrofia da membrana pós-sináptica, sugere que a exuberante quantidade de pregas pós-sinápticas normalmente encontradas nas junções mioneürais pode representar mecanismo anatômico de segurança na transmissão química neuromuscular.

  16. Efeito da oxamniquina sobre a adesão celular da larva do S. mansoni na cavidade peritoneal de camundongos

    OpenAIRE

    Melo, Alan Lane de; Pereira, Leógenes Horácio

    1993-01-01

    The treatment of naive mice with high closes of oxamniquine, 1 hour before the intraperitoneal inoculation of Schistosoma mansoni cercariae, induces a delay in the transformation process resulting in a longer host cell adhesion.O tratamento de camundongos sem infecção prévia com altas doses de oxamniquina, 1 hora antes do inóculo intraperitoneal com cercárias de Schistosoma mansoni, induz a um atraso no processo de transformação, resultando conseqüentemente em larvas com adesão celular mais d...

  17. Efeito do congelamento sobre a imunogenicidade da vacina contra a raiva produzida em tecido cerebral de camundongo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Albas Avelino

    2001-01-01

    Full Text Available A resposta imune humoral induzida pela vacina contra a raiva produzida em cérebros de camundongos recém-nascidos foi estudada em 23 cães e o teste de soroneutralização em camundongos foi usado para avaliação dos níveis de anticorpos rábicos. Um grupo com 10 animais recebeu vacina conservada de 2 a 8°C e apresentou os seguintes resultados: após 30 dias da vacinação 6 (60% amostras responderam ao teste; após 180 dias 4 (40% e após 360 dias apenas 1 (10%. O outro grupo com 13 cães recebeu vacina previamente congelada e somente 2 (15,4% amostras no dia 30 apresentaram resposta satisfatória; os demais períodos (180 e 360 após a vacinação, não foi encontrado título. A análise estatística dos dados referentes a cada uma das variáveis consideradas no estudo foi efetuada segundo a técnica de análise de variância seguida por Tuckey e indicaram diferenças estatisticamente significativas entre os grupos.

  18. Resposta sorológica de coelhos imunizados com antígenos de Pythium insidiosum associados a diferentes adjuvantes Serological response in rabbits immunized with Pythium insidiosum antigens associated with different adjuvants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre Trindade Leal

    2002-12-01

    Full Text Available O Pythium insidiosum é um fungo zoospórico que se desenvolve em locais alagadiços e que pode infectar humanos e animais, principalmente eqüinos. A infecção natural nesta espécie resulta em pitiose clínica, uma doença granulomatosa de difícil tratamento. Uma das opções terapêuticas é a imunoterapia com antígenos obtidos de culturas do agente. Com o objetivo de avaliar o efeito de adjuvantes na resposta sorológica a antígenos do P. insidiosum, 24 coelhos divididos em 4 grupos foram imunizados com antígeno macerado de micélio (AMM associado a três adjuvantes. Grupo I: hidróxido de alumínio; grupo II: adjuvante de Freund; grupo III: óleo mineral e grupo IV: água destilada -controle. Os tratamentos foram avaliados a diferentes intervalos, quanto à capacidade de induzir a produção de imunoglobulinas específicas da classe G, através da técnica de ELISA. Na fase 1, os animais receberam três doses do imunógeno (dias zero, 14 e 28 e foram avaliados sorologicamente nos dias 14, 21, 28 e 35. Nessa fase, os adjuvantes oleosos (GII e III induziram níveis de anticorpos estatisticamente superiores aos induzidos nos grupos I e IV. Durante a fase 2 (dias 42 a 120, cada grupo foi subdividido em dois; sendo um subgrupo mantido em tratamento (imunizações adicionais nos dias 42, 56, 68 e 82 e o outro tendo o tratamento interrompido após a 3ª dose (dia 28. Nos subgrupos mantidos em tratamento, os níveis de anticorpos dos grupos imunizados com adjuvantes foram estatisticamente superiores aos induzidos no grupo GIV (controle. Nos coelhos com tratamento interrompido, os grupos I, II e III apresentaram manutenção nos níveis de IgG e foram estatisticamente superiores ao grupo controle, que apresentou declínio nos níveis de anticorpos. Os resultados demonstraram a capacidade dos adjuvantes testados em potencializar e prolongar a resposta humoral aos antígenos do P. insidiosum. O uso de adjuvantes associado aos atuais imun

  19. Imunogenicidade da cepa avirulenta RV194-2 do vírus rábico em camundongos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rugimar Marcovistz

    1996-12-01

    Full Text Available O vírus rábico RV194-2, uma variante avirulenta da cepa CVS (Challenge Vírus Standard, produz uma infecção inaparente quando inoculado intracerebralmente em camundongos adultos. Sugerindo que a resposta imunológica do hospedeiro permite a eliminação do vírus do sistema nervoso central. Por esta razão foram estudadas a indução de interferon e a resposta imune humoral em camundongos BALB/c inoculados com vírus RV194-2. Durante a infecção, estes camundongos apresentaram elevados níveis de interferon no plasma e no cérebro com altos títulos de anticorpos neutralizantes anti-rábicos. A 2-5A sintetase. um marcador da ação dos interferons,foi também analisada no cérebro destes animais. Sua atividade, aumentou, paralelamente, á produção de interferon, demonstrando que este interferon é bioquímicamente ativo. O vírus RV194-2 também induziu, 45 dias após sua inoculação, proteção aos animais quando desafiados com a cepa virulenta CVS. Estes resultados demonstram que a cepa RV194-2possui um alto nível imunogênico.RV194-2 rabies virus, an avirulent mutant of CVS strain, induces an inapparent infection limited to the central nervous system (CNS in adult mice inoculated intracerebrally. This fact suggest that immune response of the host is able to eliminate the virus in CNS. For this reason, we have studied the induction of interferon and the humoral immune responses in BALB/c mice after RV194-2 inoculation. These mice presented high levels of interferon in the plasma and in the brain, with elevated levels of neutralizing antirabies antibodies. The 2-5A synthetase, an enzyme marker of interferon action, was analyzed in the brain of inoculated animals. Its enhancement in parallel to the interferon production in the brain, showed biochemical evidence that this interferon is active. Forty five days after RV194-2 virus inoculation, mice were protected against a challenge with the CVS virulent strain. The results presented

  20. Ação de raios gama sobre formas sanguícolas de Trypanosoma cruzi: estudo experimental em camundongos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gentilda K. F. Takeda

    1986-02-01

    Full Text Available Amostras de sangue de animais infectados com cepa Y de Trypanosoma cruzi foram submetidas, respectivamente, a 200 e 300 krad de radiação gama. Para verificar a eficácia do método na eliminação do parasita, o material foi inoculado em camundongos e os parâmetros utilizados na avaliação foram: parasitemia, cultura, xenodiagnóstico, subinoculação, reinoculação com cepa virulenta e exame anátomo-patológico das vísceras. Os sangues expostos às duas diferentes intensidades de radiação e inoculados em dois períodos após o processo, mostraram-se inócuos quanto a capacidade de produzir infecção nos animais

  1. Investigação de lipofuscina em miócitos cardíacos de camundongos após tratamento com oxamniquine

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Luiza Silveira Mello

    1984-10-01

    Full Text Available A fluorescencia natural devida à presença de corpos de lipofuscina foi pesquisada em miócitos cardíacos de camundongos adultos jovens tratados com oxamniquine. O objetivo foi buscar uma evidência de indução de envelhecimento celular precoce, com base em dados prévios de acentuação poliploidia, promovida pela droga. Comparando o miocárdio dos camundongos tratados com animais contrôle jovens e velhos, não foi observada a presença de lipofuscina nos seus miócitos. Isto possivelmente se deva a um não comprometimento da eficiência das lipases lisossomiais apesar da acentuação do fenômeno de poliploidização induzida pela droga.

  2. Seqüência dos estudos sobre a produção experimental de megassíndromes em camundongos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vania A. Soares

    1983-09-01

    Full Text Available A capacidade de produção de megassíndrome de três cepas de Trypanosoma cruzi de diferentes origens foram examinadas usando-se técnicas previamente descritas. Uma correlação significante foi encontrada entre volume e peso do estômago através de autópsia e a área correspondente a silhueta de bário do órgão. Todas as três cepas causam dilatação significante da área do estômago, após prolongada infecção em camundongos quando comparados com o grupo controle não infectado. Todavia, o modelo de comportamento da cepa (MEGA, previamente estudada, pode ter sido alterada pela reciclagem em camundongos nos laboratórios.

  3. Evidência da ação antiparasitária da azitromicina na infecção experimental de camundongos pelo Plasmodium berghei

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gakiya Erika

    2001-01-01

    Full Text Available A azitromicina debelou a infecção experimental de camundongos pelo Plasmodium berghei quando administrada, pela via oral e durante 28 dias, na dose de 100mg/kg, iniciada no mesmo dia em que os animais foram infectados. Mediante uso de 10mg/kg houve insucesso. Os resultados obtidos suscitam investigações complementares sobre a referida atividade antiparasitária desse medicamento.

  4. Oogram studies in mice infected with Schistosoma mansoni and treated with dexamethasone Oograma em camundongos infectados com Schistosoma mansoni e tratados com dexametasona

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marco Victor Hermeto

    1994-04-01

    Full Text Available Mice infected with about 90 cercariae of Schistosoma mansoni (LE strain were treated during five consecutive days with dexamethasone (50 mg/Kg, subcutaneously, starting on the 42th day of infection. Groups of five mice were then daily sacrificed from the first day after onset of treatment until the first day after. The perfusion of the portal system was performed and a piece of the intestine was processed for qualitative and quantitative oograms. This treatment carries to larger numbers of eggs in the tissues of treated mice, when compared with untreated groups. No changes were observed in the kinetics of oviposition, as all stages of viable eggs were observed in the tissues of treated and control mice. These data reinforce the hypothesis of a partial blockade of the egg excretion in immunossupressed mice.Camundongos infectados com cerca de 90 cercárias da cepa LE de Schistosoma mansoni foram tratados durante 5 dias consecutivos com dexametasona (50mg/ Kg, subcutaneamente a partir do 42º dia de infecção. Grupos de cinco camundongos foram sacrificados diariamente após o primeiro dia do início do tratamento até o primeiro dia após o término. A perfusão do sistema porta foi feita e fragmentos do intestino foram processados para a realização de oogramas qualitativos e quantitativos. O tratamento leva a um maior número de ovos nos tecidos dos camundongos tratados, se comparado com os grupos não tratados. Nenhuma mudança foi observada na cinética de oviposição, e ovos viáveis em todos os estádios evolutivos foram observados nos tecidos de camundongos tratados e controles. Estes dados reforçam a hipótese de um bloqueio parcial na saída de ovos dos tecidos do intestino para o lúmem intestinal em camundongos imunossuprimidos.

  5. Trypanocidal activity of human plasma on Trypanosoma evansi in mice Atividade tripanocida do plasma humano sobre Trypanosoma evansi em camundongos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aleksandro Schafer Da Silva

    2012-03-01

    Full Text Available This study aimed to test an alternative protocol with human plasma to control Trypanosoma evansi infection in mice. Plasma from an apparently 27-year-old healthy male, blood type A+, was used in the study. A concentration of 100 mg.dL-1 apolipoprotein L1 (APOL1 was detected in the plasma. Forty mice were divided into four groups with 10 animals each. Group A comprised uninfected animals. Mice from groups B, C and D were inoculated with a T. evansi isolate. Group B was used as a positive control. At three days post-infection (DPI, the mice were administered intraperitoneally with human plasma. A single dose of 0.2 mL plasma was given to those in group C. The mice from group D were administered five doses of 0.2 mL plasma with a 24 hours interval between the doses. Group B showed high increasing parasitemia that led to their death within 5 DPI. Both treatments eliminated parasites from the blood and increased the longevity of animals. An efficacy of 50 (group C and 80% (group D of human plasma trypanocidal activity was found using PCR. This therapeutic success was likely achieved in the group D due to their higher levels of APOL1 compared with group C.Este estudo teve como objetivo testar um protocolo alternativo com plasma humano para controlar a infecção por Trypanosoma evansi em camundongos. O plasma foi oriundo de um homem aparentemente saudável, com idade entre 27 anos e tipo de sangue A+. Foi detectada uma concentração de 100 mg.dL -1 de apolipoproteína L1 (APOL1 no plasma. Quarenta camundongos foram divididos em quatro grupos, contendo dez animais cada. Grupo A, composto de animais não infectados. Os roedores dos grupos B, C e D foram inoculados intraperitonealmente com um isolado de T. evansi. O Grupo B foi usado como um controle positivo. Três dias pós-infecção (DPI, os camundongos foram tratados com plasma humano. Uma dose única de 0,2 mL de plasma foi administrada nos roedores do grupo C. Os ratos do grupo D receberam cinco

  6. Teste de eficiência de vacinas antiaftosa. II. Relação entre o Índice C em cobaias e o Índice Proteção Camundongos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ernani Ibirá Gonçalves

    1994-03-01

    Full Text Available O exame da eficiência de seis vacinas antiaftosa, realizado com os testes “Indice Proteção Camundongos” e "Índice C” utilizando 15 ou mais cobaias por diluição de vírus na titulação, demonstrou a presença de boa correlação e alta significância entre os resultados das duas provas. O valor do índice Proteção Camundongos foi aproximadamente o dobro do valor do índice C. Assim, o índice Proteção Camundongos pode ser recomendado como teste de eficiência de vacinas antiaftosa. principalmente quando se necessita um grande número de provas, devido a seu baixo custo e facilidade de execução, por usar exclusivamente camundongos.

  7. Basofilia e anisotropia nucleares em células de camundongo após tratamento com oxamniquine

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ivanira José Bechara

    1984-02-01

    Full Text Available Com o objetivo de se estudar a ação da oxamniquine, uma droga utilizada no tratamento da esquistossomose, sobre a cromatina de núcleos de células animais, foram estudados os padrões de basofilia e anisotropia nucleares em hepatócitos, em células do músculo cardíaco e em linfócitos de camundongos adultos jovens. A oxamniquine foi administrada por via oral (436 mg/kg e preparados foram obtidos após diversos tempos de fornecimento da droga aos animais. Nos núcleos corados com azul de toluidina a pH 4,0, após digestão com RNAse, não se encontrou diferença quanto aos padrões de basofilia e anisotropia comparando-se animais tratados com controles. Demonstrou se assim que as moléculas de oxamniquine não se alojam no interior da dupla hélice do DNA, não alteram a sua conformação helicoidal nem se ligam aos grupos fosfatos livres desta macromolécula, diferindo, portanto, da atuação de outro esquistossomicida, o hycanthone.

  8. Uso combinado da laserterapia de baixa potência e da inibição da ciclooxigenase-2 na reepitelização de ferida incisional em pele de camundongos: um estudo pré-clínico

    OpenAIRE

    Santuzzi,Cíntia Helena; Buss,Hygor Franca; Pedrosa,Diego França; Freire,Martha Oliveira Vieira Moniz; Nogueira,Breno Valentim; Gonçalves,Washington Luiz Silva

    2011-01-01

    FUNDAMENTOS: A laserterapia de baixa potência e os inibidores seletivos da ciclooxigenase-2 (ICOX2) vem sendo muito utilizados para modular a resposta inflamatória, entretanto, os seus efeitos na reepitelização de feridas não são bem compreendidos. OBJETIVO: Avaliar os efeitos isolados e combinados da laserterapia de baixa potência e da ICOX2 na reepitelização de ferida incisional na pele de camundongos. MÉTODO: Foi induzida uma ferida de 1 cm no dorso de cada camundongo, que foram divididos ...

  9. Avaliação toxicológica e reprodutiva de camundongos machos adultos tratados com femproporex - DOI: 10.4025/actascihealthsci.1089 Fenproporex treatment in male mice: behavior and toxicology reproductive analysis - DOI: 10.4025/actascihealthsci.1089

    OpenAIRE

    Estefânia Gastaldello Moreira; Camila Queiroz Moreira; José Eduardo Baroneza; Maria José Sparça Salles de Faria

    2008-01-01

    O femproporex é utilizado no mundo todo como potente anorexígeno. Este estudo visa esclarecer se o uso diário de femproporex provoca toxicidade comportamental e/ou reprodutiva em camundongos machos adultos. Para tanto, foram utilizados 40 camundongos, divididos em quatro grupos experimentais, cada um contendo dez animais. Um dos grupos recebeu, via gavage, apenas água, e os outros foram tratados diariamente com femproporex, nas doses de 7,5, 15 e 30 mg kg-1, por um período de 40 dias. Como re...

  10. Efficacy of drugs against Giardia muris in mice Mus musculus naturally infected/ Eficácia de drogas contra Giardia muris em camundongos Mus musculus naturalmente infectados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvia Gonzalez Monteiro

    2008-08-01

    Full Text Available This study aimed to evaluate the efficacy of metronidazole, fenbendazole and secnidazole against Giardia muris in mice naturally infected. Forty mice of the species Mus musculus were divided in four groups of ten each, being group A non treated, the control group and groups B, C and D treated with 4mg/ml of metronidazole, fenbendazole and secnidazole, respectively. Two feces collection, on day 0 and on day 10 after treatment, were done in order to evaluate the efficacy of the drugs. Samples were analyzed by the centrifugal-flotation method with zinc sulfate. Efficacy of 97,05% for metronidazole, 98,30% for fenbendazole and 100% for secnidazole were observed in the study. According to the results it was concluded that the tested drugs were effective for the treatment of mice parasitized by Giardia muris.Este estudo visou avaliar a eficácia do metronidazol, fenbendazole e secnidazol contra Giardia muris em camundongos naturalmente infectados. Foram utilizados 40 camundongos da espécie Mus musculus divididos em quatro grupos de 10 animais cada, sendo grupo A, grupo controle, não tratados, e grupos B, C e D tratados com 4mg/ml de metronidazol, fenbendazole e secnidazol, respectivamente. Para avaliar a eficácia dos medicamentos foram realizadas duas coletas de fezes uma no dia zero e outra 10 dias após tratamento. As amostras foram processadas e analisadas a partir do método de centrífugo-flutuação com sulfato de zinco. No estudo observou-se eficácia de 97,05% para metronidazol, 98,30% para fenbendazole e 100% para secnidazol no tratamento de giardiase murina. Com base nos resultados concluí-se que as drogas testadas apresentaram eficácia no tratamento de camundongos parasitados por Giardia muris.

  11. Oral candidosis by Candida albicans in normal and xerostomic mice Candidose oral por Candida albicans em camundongos normais e xerostômicos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marilda Aparecida Gonçalves Totti

    2004-09-01

    Full Text Available The aim of this study was to analyze the effect of sialoadenectomy on the development of oral candidosis after one or four inoculations of Candida albicans. Initially, a suspension containing 10(8 cells/ml of C. albicans ATCC 36801 was prepared. Seventy-eight sialoadenectomized mice and a similar amount of mice with normal salivary flow received a single inoculation of C. albicans suspension. Another group with a similar number of mice received 4 inoculations. The control group consisted of 6 sialoadenectomized mice and 6 mice with normal salivary flow that were not inoculated with C. albicans. Candidosis development was studied histologically in the tongue of the animals 1, 2, 3, 5, and 8 days after inoculation and at 15-day intervals up to 165 days. According to the results obtained, it could be concluded that sialoadenectomy and a higher frequency of yeast inoculation influenced the presence and extension of candidosis lesions.O objetivo deste estudo foi analisar o efeito da sialoadenectomia sobre o desenvolvimento da candidose oral após uma ou quatro inoculações de Candida albicans. Inicialmente, uma suspensão contendo 10(8 células/ml de C. albicans ATCC 36801 foi preparada. Setenta e oito camundongos sialoadenectomizados e mesma quantidade de camundongos com fluxo salivar normal receberam uma única inoculação de suspensão de C. albicans. Outro grupo, com o mesmo número de camundongos, recebeu 4 inoculações. O grupo controle consistiu de 6 camundongos sialoadenectomizados e 6 com fluxo salivar normal que não foram inoculados com C. albicans. O desenvolvimento de candidose foi estudado histologicamente na língua dos animais em períodos de 1, 2, 3, 5 e 8 dias após a inoculação e em intervalos de 15 dias até 165 dias. De acordo com os resultados obtidos, conclui-se que a sialoadenectomia e uma maior freqüência de inoculação influenciaram na presença e extensão das lesões de candidose.

  12. Relação entre a patogenicidade do Schistosoma mansoni em camundongos e a susceptibilidade do molusco vetor: III. Mortalidade, pesos corporal e das vísceras

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Zanotti-Magalhães Eliana Maria

    1995-01-01

    Full Text Available Estudou-se a relação entre o desenvolvimento da hepatomegalia, da esplenomegalia, peso corporal e taxa de mortalidade em camundongos experimentalmente infectados por Schistosoma mansoni com o grau de susceptibilidade de Biomphalaria glahrata e B. tenagophila nas quais se desenvolveram as cercárias infectantes respectivamente, das linhagens BH e SJ. Foram utilizados como hospedeiro definitivo camundongos Swiss, SPF e como hospedeiros intermediários populações de moluscos selecionados geneticamente para o caráter susceptibilidade. Foram observados menores pesos corporais e das visceras em camundongos infectados com cercárias provenientes de moluscos que apresentaram elevado grau de susceptibilidade. A maior susceptibilidade dos moluscos à infecção pelo S. mansoni correspondeu a uma menor sobrevivência dos camundongos infectados. Os resultados fazem crer que a maior adaptação do parasita ao hospedeiro intermediário, traduzidos pelas taxas mais elevadas de susceptibilidade, pode levar a um comportamento diferente deste parasita no hospedeiro definitivo.

  13. Susceptibility and morbidity between male and female Swiss mice infected with Angiostrongylus costaricensis: Susceptibilidade e morbidade entre camundongos Swiss machos e fêmeas infectados com Angiostrongylus costaricensis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia B. Mentz

    2010-10-01

    Full Text Available The gender of vertebrate hosts may affect the outcome of parasitic infections. An experimental murine infection with Angiostrongylus costaricensis was followed with determinations of body weight, fecal larval elimination, number and length of adult worms, number of macroscopic intestinal lesions, and mortality. Groups of male and female Swiss mice were infected with 10 3rd-stage A. costaricensis larvae per animal. The results indicate there are no significant differences related to gender of the host, except for higher length of worms developed in male mice.O sexo dos hospedeiros vertebrados pode influenciar no resultado de infecções parasitárias. A infecção experimental de camundongos com Angiostrongylus costaricensis foi acompanhada com observação do peso corporal, eliminação de larvas nas fezes, número e comprimento dos vermes adultos, número de lesões macroscópicas nos intestinos e mortalidade. Grupos de camundongos Swiss machos e fêmeas foram infectados cada um com 10 larvas de terceiro estágio de A. costaricensis. Os resultados indicam que não há diferenças significativas relacionados ao sexo dos hospedeiros, exceto pelo maior comprimento dos vermes nos hospedeiros machos.

  14. Efeitos da hiperprolactinemia sobre o útero de camundongos no proestro Hyperprolactinemia effects on the female mice uterus during proestrous

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Regina Célia Teixeira Gomes

    2009-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar o efeito da hiperprolactinemia induzida pela metoclopramida sobre o endométrio e miométrio de camundongos fêmeas na fase de proestro. MÉTODOS: 24 camundongos fêmeas foram divididas aleatoriamente em dois grupos: GCtr/controle e GExp/tratadas com metoclopramida (6,7 µg/g por dia. Após 50 dias, os animais foram sacrificados na fase de proestro, e o sangue foi coletado para determinação dos níveis de estradiol, progesterona e prolactina. Os cornos uterinos foram removidos e fixados em formol a 10%; foram, então, processados para inclusão em parafina. Cortes de 4 µm foram corados pela hematoxilina-eosina (H/E. Na análise morfológica, foi utilizado microscópio de luz, da marca Carl Zeiss, com objetivas variando de 4 a 400 X, para caracterização de cada corte histológico. Na análise morfométrica, foi avaliada a espessura do epitélio superficial, da lâmina própria e do miométrio, com auxílio de um analisador de imagem (AxionVision, Carl Zeiss acoplado ao microscópio de luz (Carl Zeiss. A análise estatística foi realizada pela ANOVA seguida pelo teste Wilcoxon. O valor de p foi considerado significante quando PURPOSE: to evaluate the effect of hyperprolactinemia induced by metoclopramide on the endometrium and myometrium of female mice in the proestrus phase. METHODS: 24 female mice were randomly divided in two groups: CtrG/control and ExpG/treated with metoclopramide (6.7 mg/g daily. After 50 days, the animals were sacrificed in the proestrus phase, and the blood was collected to determine the levels of estradiol, progesterone and prolactin. The uterine horns were removed, fixed in 10% formaldehyde and processed before being included in paraffin. Slices of 4 µm were stained by hematoxylin and eosin (H/E. In the morphological analysis, a Carl Zeiss light microscope, with objectives varying from 4 to 400 X was used for each histological slice characterization. In the morphometrical analysis, the superficial

  15. Novo método de dosagem de soros antipeçonhentos em camundongos lactentes: I - dosagem do soro anticrotálico New method for dosage of antivenoms sera in baby mice: I-Anticrotalic serum's dosage

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruno Soerensen

    1984-08-01

    Full Text Available A atividade biológica dos soros antipeçonhentos pode ser determinada "in vivo" em pombos, coelhos, cobaios e camundongos adultos, não existindo, entretanto, nenhum método que possa ser recomendado internacionalmente. Estudou-se comparativamente aos métodos tradicionais de dosagem de soros em pombos e camundongos adultos, a validade do uso de camundongos lactentes de 6 a 7 dias, pesando 4 a 5g, inoculados pela via subcutânea. Inicialmente foi determinada a toxidez do veneno de Crotalus durissus terríficus através do estudo da sintomatologia do envenenamento e da atividade letal. O estudo comparativo dos três métodos forneceu maior concordância de resultados em DE100 entre as dosagens realizadas com camundongos lactentes e adultos. A DE100 e DL50 determinadas em camundongos lactentes forneceu resultados mais constantes que os dos métodos de camundongos adultos e pombos. O uso deste novo método permite eliminar a dificuldade de obtenção do atual animal de prova; a utilização de um maior número de animais por ponto de avaliação biológica, possibilitando uma maior precisão e conseguindo-se uma uniformidade nas características exigidas neste tipo de dosagem como peso, idade e linhagem, visando a reprodução sistemática dos resultados.The biological activity of antiserum against venoms can be assessed by "in vivo" tests using pigeons, rabbits, guinea-pigs and adult mice although there is no International standardized reaction for it. The traditional methods using pigeons and adult mice were comparatively studied with those using mice of 4-5 g (6-7 days of age, inoculated by subcutaneous injection. The toxicity of the Crotalus durissus terrificus venom was initially determined by studying the symptomatology after administration of venom and lethal activity. The comparative study of these three methods showed that the best concordance in the results of the ED100 was obtained using adult and baby mice. The most homogeneous ED100

  16. Caracterização morfológica e funcional de células aderentes de baço de camundongo

    OpenAIRE

    Sampaio,Elizabeth Pereira; Moreira,André Luiz; Sarno,Euzenir Nunes

    1985-01-01

    A separação, caracterização e ensaio funcional das células inflamatórias presentes no local de lesão têm se tornado imperiosos no estudo de diversas doenças. Através da utilização de métodos histoquímicos para esterase e fosfatase ácida, bem como do Teste de Fagocitose e da coloração pelo Giemsa, realizados nas células esplénicas de dez camundongos, foi possível se caracterizar bem os componentes do Sistema Fagocítico Mononuclear e distinguir os outros tipos de células presentes, além de perm...

  17. Análise comparativa entre galectinas-1 humana e de camundongo sob os aspectos biológico e molecular

    OpenAIRE

    Amanda Cristina Trabuco

    2013-01-01

    A galectina-1 (Gal-1) é uma lectina homodimérica multifuncional capaz de reconhecer e se ligar a beta-galactosídeos por meio de um domínio denominado carbohydrate recognition domain (CRD). A Gal-1 humana (Gal-1h) e a Gal-1 de camundongo (Gal-1c) mantêm 88,15% de homologia e, apesar de não existirem mutações em aminoácidos-chave do CRD, há substituições próximas a esses resíduos. Considerando as implicações dessas diferenças em estrutura e função, e que é comum a utilização de modelos murinos ...

  18. Imunização de camundongos com "vacina" viva avirulenta de Trypanosoma cruzi: IV. ensaio de esquema de "vacinação"[ign

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Humberto Menezes

    1970-06-01

    Full Text Available A parasitemia e o exame histológico revelaram que, aparentemente camundongos que receberam duas doses de "vacina" reagiram melhor a vma infecção virulenta do T. cruzi do que animais "vacinados'' uma única vez. Nestes a infecção realizada quatro ou dez semanas depois da imunização não alterou substancialmente a resposta imunitária medida pela parasitemia, percentual de mortalidade e grau da resposta tissular. Animais unicamente "vacinados", com uma ou duas doses, não apresentaram alterações histológicas diferentes das dos animais normais. Êstes mostraram quase sempre um discreto grau de inflamação crônica focal no miocáráio, e fígado.

  19. Estudo histopatológico das lesões causadas pelo veneno de urutu (Bothrops alternatus em músculo esquelético de camundongos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L. S. Queiroz

    1984-10-01

    Full Text Available Veneno bruto de urutu (Bothrops alternatus dissolvido em solução salina fisiológica foi injetado no músculo tibial anterior direito de camundongos adultos na dose de 80 μg. Os músculos foram examinados em cortes de parafina, corados por Hematoxilina e Eosina. Aos 10 minutos já havia intensa hemorragia difusa no M. tibial anterior, mas apenas raras fibras musculares estavam necróticas. Nas horas seguintes, contudo, observou-se rápido aumento do número de fibras afetadas, sendo que às 24 hs o músculo apresentava-se totalmente necrótico. Vasos sangüíneos intramusculares e nas proximidades do M. tibial anterior mostravam necrose hialina da camada média e por vezes trombose. A fagocitose dos restos celulares ocorreu da periferia para o centro e acompanhou-se de regeneração muscular. Após 1 a 2 meses, em vários animais houve recuperação considerável do músculo, embora com persistência de cicatriz. As fibras regeneradas possuiam núcleos centrais e variavam em diâmetro, estando muitas atróficas. Em outros camundongos a regeneração do M. tibial anterior foi muito precária, tendo este sido substituído por tecido fibroadiposo com apenas raras fibras musculares. Os resultados mostram que, apesar da gravidade das lesões iniciais devidas ao veneno, ocorre regeneração muscular em grau variável de animal para animal. Sugere-se que a má regeneração observada em alguns casos poderia ser devida, ao menos em parte, a dano vascular permanente.

  20. Lagochilascaris minor: antibody production in experimentally infected mice Lagochilascaris minor: produção de anticorpos em camundongos experimentalmente infectados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariana Félix de Souza Prudente

    2009-06-01

    Full Text Available Lagochilascaris minor is the causative agent of lagochilascariosis, a disease that affects the neck region and causes festering abscesses, with eggs, adult parasites and L3/L4 larvae within the purulent exudates. Today, mice are considered to be intermediate hosts for the parasite. C57BL/6 mice produce immunoglobulin IgM, IgA and IgG against the crude extract of the parasite; on the other hand, antibodies produced against the secreted/excreted antigens of Lagochilascaris minor present lower levels of IgM, IgA and IgG. This is the first description of antibody detection against different antigens of Lagochilascaris minor.Lagochilascaris minor é o agente etiológico da lagochilascariose, uma doença que afeta a região do pescoço causando abscessos exudativos com presença de ovos, parasitos adultos e larvas nos de exudatos purulentos. Hoje em dia, camundongos são considerados os hospedeiros intermediários para o parasita. Camundongos C57BL/6 produziram imunoglobulinas IgM, IgA e IgG contra o extrato bruto do parasita; por outro lado, anticorpos produzidos contra os antígenos secretados/excretados de Lagochilascaris minor apresentaram níveis mais baixos de IgM, IgA e IgG. Esta é a primeira descrição da detecção de anticorpos contra diferentes antígenos de Lagochilascaris minor.

  1. Redução na concentração de glicose no cérebro de camundongos inoculados com liquido cefalorraquiano de pacientes com esclerose lateral amiotrófica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J. M. Godoy

    1990-12-01

    Full Text Available Os autores analisam, por técnica cromatográfica, as concentrações de glicose no cérebro de camundongos inoculados com L.CR de 4 pacientes com ELA. Foi encontrada redução na, concentração do carboidrato no material estudado, sugerindo a presença de fator extrínseco veiculado pelo LCR.

  2. Teratogenic effect of retinoic acid in swiss mice Efeito teratogênico do ácido retinóico em camundongo swiss

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Roberto Veiga Quemelo

    2007-12-01

    Full Text Available PURPOSE: To identify the types of malformations resulting from the administration of retinoic acid (RA to Swiss mice on different days of pregnancy. METHODS: Twenty-four pregnant Swiss mice were divided into 4 groups of 6 animals each. The experimental groups received a single intraperitoneal injection of RA (70 mg/kg on gestational days 7, 8 and 9 (D7, D8 and D9, while control animals (C received only saline solution. RESULTS: Were obtained: exencephaly (C:0; D7:16.1%; D8:25.4%; D9:0, myelomeningocele (C:0; D7:25.8%, D8:30.9%, D9:0, spina bifida occulta (C:0, D7:29%, D8:41.8%, D90, gastroschisis (C:0, D7:6.4% D8:5.4%, D9:0, omphalocele (C:0, D7:6.4%, D8:14.5%, D9:0, lower limb alterations (C:0, D7:74.1%, D8:80%, D9:0, imperforated anus (C:0, D7:100%, D8:100%, D9:100%, and tail agenesis/alteration (C: D7:100%, D8:100%, D9:100%. CONCLUSION: The experimental model using Swiss mice proved to be efficient in the induction of the different types of defects, with the eighth gestational day being the one that most favored the induction of neural tube defect, omphalocele, gastroschisis, lower limb defects, imperforated anus and tail agenesis/alteration. On this basis, this is a useful model for future investigation of neural development and of the formation of the appendicular skeleton.OBJETIVO: Identificar os tipos de malformação resultantes da administração do ácido retinóico (AR a camundongos Swiss em diferentes dias gestacionais. MÉTODOS: Foram utilizados 24 camundongos fêmeas, linhagem Swiss, prenhes, divididos em 4 grupos com 6 animais cada. Os grupos experimentais receberam uma única injeção intraperitoneal de AR (70mg/Kg nos dias gestacionais 7, 8 e 9 (D7, D8 e D9, enquanto que os animais do grupo controle (C receberam apenas solução salina. RESULTADOS: Foram encontrados: exencefalia (C:0; D7:16.1%; D8:25.4%; D9:0; mielomeningocele (C:0; D7:25.8%; D8:30.9%; D9:0; Espina Bífida Oculta (C:0; D7:29%; D8:41.8%; D90; gastrosquise (C:0

  3. Experimentally induced intravaginal Tritrichomonas foetus infection in a mouse model Infecção experimental intravaginal com Tritricho-monas foetus em modelo camundongo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro Soto

    2005-12-01

    Full Text Available The interest to develop research on the host-parasite relationship in bovine tritrichomonosis has accomplished the use of experimental models alternative to cattle. The BALB/c mouse became the most appropriate species susceptible to vaginal Tritrichomonas foetus infection requiring previous estrogenization. For the need of an experimental model without persistent estrogenization and with normal estrous cycles, the establishment and persistence of vaginal infection on BALB/c mouse with different concentrations of T. foetus in two experimental groups was evaluated. Group A was treated with 5mg of b-estradiol 3-benzoate to synchronize the estrous, 48 hours before the T. foetus vaginal inoculation, and Group B was inoculated in natural estrus. At 5-7 days after treatment, estrogenic effect decreased allowing all animals to cycle regularly during the experiment. From the first week post-infection, samples of vaginal mucus were taken from all animals during 34 weeks, in order to evaluate the course of infection and the stage of the estrus cycle. Group A showed 93.6% of infected animals, and Group B showed 38%. Different doses of T. foetus were assayed to establish the vaginal infection, with a persistence of 34 weeks. Although different behavior was observed in each subgroup belonging to either Group A or Group B, there were no significant differences among the infecting doses used. The b-estradiol 3-benzoate treatment had a favorable effect on the establishment of the infection (PA necessidade de esclarecer a relação agente-hospedeiro na tricomoníase bovina deu motivo para o uso de modelos experimentais alternativos ao bovino. O camundongo BALB/c resultou como espécie mais adequada para a infeção vaginal com Tritrichomonas foetus, requerendo uma estrogenização prévia. Visando a necessidade de um modelo experimental sem estrogenização persistente e com ciclos estrais normais, foi avaliada a instalação e persistência da infeção vaginal

  4. Persistence of specific antibody response in different experimental infections of mice with Toxocara canis larvae Persistência da resposta humoral em camundongos experimentalmente infectados com larvas de Toxocara canis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro Paulo Chieffi

    1995-06-01

    Full Text Available Anti-Toxocara antibody production and persistence were studied in experimental infections of BALB/c mice, according to three different schedules: Group I (GI - 25 mice infected with 200 T. canis eggs in a single dose; Group II (GII 25 mice infected with 150 T. canis eggs given in three occasions, 50 in the 1st, 50 in the 5th and 50 in the 8th days; Group III (GIII - 25 mice also infected with 150 T. canis eggs, in three 50 eggs portions given in the 1st, 14th and 28th days. A 15 mice control group (GIV was maintained without infection. In the 30th, 50th, 60th, 75th, 105th and 180th post-infection days three mice of the GI, GII and GIII groups and two mice of the control group had been sacrificed and exsanguinated for sera obtention. In the 360th day the remainder mice of the four groups were, in the same way, killed and processed. The obtained sera were searched for the presence of anti-Toxocara antibodies by an ELISA technique, using T. canis larvae excretion-secretion antigen. In the GI and GII, but not in the GIII, anti-Toxocara antibodies had been found, at least, up to the 180th post-infection day. The GIII only showed anti-Toxocara antibodies, at significant level, in the 30th post-infection day.Estudou-se a cinética de anticorpos anti-Toxocara em camundongos BALB/c infectados experimentalmente segundo três esquemas: Grupo I (GI: 25 camundongos infectados com dose única de 200 ovos embrionados de T. canis; grupo II (GII: 25 camundongos infectados com 150 ovos embrionados de T. canis, divididos em três doses de 50 ovos, administrados no 1º, 5º e 8º dias; Grupo III (GIII: 25 camundongos infectados com 150 ovos embrionados de T. canis, administrados em três doses de 50 ovos no 1º, 14º e 28º dias. Um grupo de 15 camundongos foi mantido nas mesmas condições, porém sem infecção, constituindo o grupo controle (GIV. No 30º, 50º, 60º, 75º, 105º e 180º dias pós-infecção três camundongos dos grupos GI, GII e GIII e dois do

  5. Remyelination in experimentally demyelinated connexin 32 KnockOut mice Remielinização em camundongos KnockOut para conexina 32 desmielinizados experimentalmente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriano Tony Ramos

    2009-06-01

    Full Text Available The aim of this study was to evaluate the role of connexin 32 (Cx 32 during remyelination of the peripheral nervous system, through a local injection of either 0,1% ethidium bromide solution or saline in the sciatic nerve of Cx 32 knockout mice. Euthanasia was performed ranging from 1, 2, 3, 7, 15, 21 to 30 days after injection. Histochemical, immunohistochemical, immunofluorescence and transmission electron microscopical techniques were used to analyze the development of the lesions. Within the sciatic nerves, Schwann cells initially showed signs of intoxication and rejected their sheaths; after seven days, some thin newly formed myelin sheaths with uneven compactness and redundant loops (tomacula were conspicuous. We concluded that the regeneration of lost myelin sheaths within the PNS followed the pattern already reported for this model in other laboratory species. Therefore, these results suggest that absence of Cx 32 did not interfere with the normal pattern of remyelination in this model in young mice.Este estudo visou avaliar o papel da conexina 32 (Cx 32 durante a remielinização no sistema nervoso periférico. Uma injeção local de 0,1% de solução de brometo de etídio foi realizada no nervo ciático de camundongos deletados para a Cx 32, com eutanásia dos animais aos 1, 2, 3, 7, 15, 21 e 30 dias pós-injeção. Avaliações histoquímicas, imunoistoquímicas, por imunofluorescência e por microscopia eletrônica de transmissão foram utilizadas na análise do desenvolvimento das lesões. Nos nervos ciáticos, células de Schwann mostraram inicialmente sinais de intoxicação e rejeitaram suas bainhas. Após sete dias, observaram-se finas bainhas neoformadas, com compactação desigual e alças redundantes (tomácula. Conclui-se que a regeneração de bainhas de mielina perdidas no SNP seguiu o padrão já relatado deste modelo em outras espécies de laboratório. Portanto, estes resultados sugerem que a ausência da Cx 32 n

  6. Infecção experimental pelo Trypanosoma cruzi em camundongos: influência do exercício físico versus linhagens e sexos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberta Cristhiany Occhi Soares

    2012-02-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A doença de Chagas é uma infecção causada pelo Trypanosoma cruzi que afeta oito milhões de pessoas na América Latina. Um fator ligado ao estilo de vida que interfere significativamente na resposta à infecção é o exercício físico, dependendo do tipo, intensidade e frequência da atividade praticada. OBJETIVO: Avaliar a influência do exercício físico aeróbio moderado crônico pré-infecção na evolução da infecção experimental pelo T. cruzi em camundongos de duas linhagens distintas pertencentes aos dois sexos. MÉTODOS: Camundongos Swiss e BALB/c (machos e fêmeas com 30 dias de idade foram divididos em quatro grupos para cada linhagem e sexo (total de 16 e nomeados como segue: SM (Swiss machos, SF (Swiss fêmeas, BM (BALB/c machos e BF (BALB/c fêmeas. Os grupos foram: NT+NI (não treinado+não infectado, T+NI (treinado+não infectado, NT+I (não treinado+infectado e T+I (treinado+infectado. O programa de exercício físico aeróbio moderado crônico pré-infecção foi realizado durante oito semanas, com uma sessão diária de treinamento, cinco vezes na semana. O inóculo foi de 1.400 tripomastígotas sanguíneos da cepa Y do T. cruzi, via intraperitoneal. Foi avaliado o pico de parasitos, parasitemia total média e as medidas das atividades séricas de CK e CK-MB. RESULTADOS E CONCLUSÃO: O treinamento físico promoveu nas duas linhagens e em ambos os sexos redução no pico de parasitos e na parasitemia total média em animais infectados pelo T. cruzi. O treinamento físico promoveu redução nas atividades séricas de CK e CK-MB em animais infectados pelo T. cruzi, de ambos os sexos, das duas linhagens, exceto para fêmeas Swiss na atividade de CK e CK-MB.

  7. On the tissular parasitism of Trypanosoma cruzi y strain in swiss mice Sobre o parasitismo tecidual da cepa Y do Trypanosoma cruzi em camundongos albinos (Swiss-Webster

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Auxiliadora de Sousa

    1984-12-01

    Full Text Available A review of the tissular parasitism of Trypanosoma cruzi Y strain in Swiss mice was carried out. This strain parasitized preferentially smooth, skeletal and cardiac muscle fibers, with low transitory spleen and liver parasitism, as previously found by some Authors, although differing from other reports. These results can be related to the host genetical constitution and/or the degree of the strain virulence at the time of this study. Furthermore, we discuss that the high macrophagotropism reported for this strain in some instances could be an artificially induced condition resulting from its serial maintenance in mice, either for a longer time and/or by using young animals. The heavy parasitism and inflammation observed in the bladder, pancreas and spermatic duct of some inoculated mice, as well as the testis parasitization, were also noteworthy findings.Através deste trabalho fizemos uma revisão do parasitismo tecidual da cepa Y do Trypanosoma cruzi em camundongos albinos (Swiss-Webster. Esta cepa parasitou preferencialmente as fibras musculares lisas, esqueléticas e cardíacas, sendo baixo e transitório seu parasitismo do baço e fígado, conforme já observado por alguns Autores, embora diferindo de outros achados. Estes resultados podem estar relacionados com o padrão genético do hospedeiro e/ou com o grau de virulência da cepa por ocasião deste estudo. Além do mais, discutimos a possibilidade de que o intenso macrofagotropismo descrito para esta cepa em algumas ocasiões possa ser uma condição artificialmente induzida através de sua manutenção seriada em camundongos por tempo prolongado e/ou pelo uso de animais jovens. Também são dignos de nota, o intenso parasitismo e inflamação da bexiga, pâncreas e canal espermático de alguns animais inoculados, assim como, o encontro de ninhos de amastigotas no testículo.

  8. Efeito dos resíduos de café seco e fermentado por Monascus ruber no metabolismo de camundongos Apo E

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Larissa Froede Brito

    2012-08-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A aterosclerose é uma doença inflamatória crônica de origem multifatorial que ocorre em resposta à agressão endotelial. O fungo Monascus ruber apresenta atividade hipocolesterolêmica e polifenóis presentes no resíduo de café apresentam atividade antioxidante, podendo auxiliar na prevenção de doenças cardiovasculares. O resíduo de café possui quantidade significativa de açúcares fermentescíveis, constituindo-se em substrato apropriado para o cultivo de fungos. OBJETIVO: O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito dos resíduos de café seco e fermentado por Monascus ruber no metabolismo lipídico de camundongos knockout Apo E. MÉTODOS: O ensaio biológico foi realizado com 30 camundongos knockout para o gene Apo E, divididos em cinco grupos e submetidos a diferentes tratamentos. Foi realizada a prospecção fitoquímica e quantificação de compostos fenólicos dos resíduos fermentado e sem fermentar. O soro dos animais foi analisado utilizando kits enzimáticos e o tecido aórtico incluso em parafina e corado com H/E para realização da análise histopatológica. RESULTADOS: O resíduo de café sem fermentar 2%, em relação ao grupo controle, diminuiu em 42% o nível sérico de triacilgliceróis e em aproximadamente 41% a fração VLDL-c. Os grupos dos animais alimentados com 10% de resíduo não fermentado e 2% de resíduo fermentado diminuíram a área de lesão 10,5% e 15,4%, respectivamente, quando comparados ao controle. O resíduo fermentado apresentou um teor de compostos fenólicos superior ao resíduo não fermentado. CONCLUSÃO: O presente estudo mostra que a fermentação do resíduo de café apresenta potencial efeito benéfico sobre as doenças cardiovasculares, especialmente a aterosclerose.

  9. Importância do camundongo mdx na fisiopatologia da distrofia muscular de Duchenne The importance of mdx mouse in the pathophysiology of Duchenne's muscular distrophy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandra Lopes Seixas

    1997-09-01

    Full Text Available O camundongo mdx desenvolve distrofia muscular recessiva ligada ao cromossoma X (locus Xp21.1 e não expressa distrofina. Embora não apresente intensa fibrose do tecido muscular e acúmulo de tecido adiposo, é considerado o modelo animal mais adequado da distrofia muscular de Duchenne. As alterações estruturais no tecido muscular associadas à mionecrose e presença do infiltrado inflamatório com predomínio de linfócitos e monócitos/macrófagos sugerem uma participação do sistema imunológico nesta miopatia. Além disso a modulação na expressão dos componentes da matriz extracelular no microambiente muscular nas várias fases da doença (início, mionecrose, regeneração indicam um papel importante do conjuntivo no direcionamento das células inflamatórias para o foco da lesão muscular. O camundongo mdx coloca-se como um excelente modelo para o estudo dos mecanismos patogenéticos da mionecrose e regeneração na distrofia muscular de Duchenne, possibilitando inclusive o desenvolvimento de estratégias terapêuticas mais adequadas.The mdx mouse develop an X-linked recessive muscular dystrophy (locus Xp21.1 and lack dystrophin expression. Despite showing less intense myofibrosis and scarce deposition of fatty tissue, mdx mice are considered an adequate animal model for studies on the pathogenesis of Duchenne-type muscular dystrophy. Marked histological alterations in the muscular tissues associated to myonecrosis and inflammatory mononuclear cell infiltrate (lymphocytes, monocytes/macrophages suggest a participation of the immune system in this myopathy. Modulation of the extracellular matrix (ECM components in the muscular tissue during all phases (onset, myonecrosis and regeneration of disease, indicate an important role for the ECM driving inflammatory cells to the foci of lesion. Therefore mdx mice should be regarded as an important tool for studies on pathogenetic mechanisms of Duchenne-type muscular dystrophy. Such

  10. Avaliação toxicológica e reprodutiva de camundongos machos adultos tratados com femproporex = Fenproporex treatment in male mice: behavior and toxicology reproductive analysis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Eduardo Baroneza

    2007-07-01

    Full Text Available O femproporex é utilizado no mundo todo como potente anorexígeno. Esteestudo visa esclarecer se o uso diário de femproporex provoca toxicidade comportamental e/ou reprodutiva em camundongos machos adultos. Para tanto, foram utilizados 40 camundongos, divididos em quatro grupos experimentais, cada um contendo dez animais. Um dos grupos recebeu, via gavage, apenas água, e os outros foram tratados diariamente com femproporex, nas doses de 7,5, 15 e 30 mg kg-1, por um período de 40 dias. Como resultados, verificou-se que o femproporex não alterou a evolução normal da massa dos animais analisados, e concluiu-se que a utilização da droga não promoveu toxicidade comportamental, verificada nos testes de natação forçada e de campo aberto; e reprodutiva, quando verificados genotoxicidade, síntese de testosterona, morfologia de espermatozóides e histologia testicular. Assim sendo, concluiu-se que o femproporex, na concentração e delineamentos experimentais propostos por este trabalho, não apresentou potencial toxicológico.Fenproporex is used worldwide as a powerful anorectic drug.This study was designed to evaluate whether daily intake of fenproporex would lead to behavioral and/or reproductive toxicity in adult male mice. Fourty male mice were used, divided into 4 groups of 10 animals each. The control group received only water by gavage, whereas the experimental groups were treated daily with fenproporex in the doses of 7.5, 15 and 30 mg kg-1, for a period of 40 days. The results demonstrated that fenproporex did not alter the normal evolution of the animals’ body mass; it also showed that the use of the drug did not promote behavioral toxicity (open-field and forcedswimming tests or reproductive toxicity (genotoxicity, changes in the morphology of spermatozoa and testicular histology. Thus, the present results indicate that fenproporex, in the evaluated dose and experimental conditions, does not present behavioral and reproductive

  11. Resposta imune-humoral e celular em bovinos da raça Nelore imunizados com extrato de larvas (L2 e L3 de Dermatobia hominis (Linnaeus Jr., 1781 Immune humoral and cellular response of nelore bovines immunized with larvae extract (L2 and L3 of Dermatobia hominis (Linnaeus Jr., 1781

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nelson Luis Mello Fernandes

    2007-06-01

    Full Text Available As larvas da Dermatobia hominis provocam lesões ulcerativas, danificando o tecido subcutâneo e conseqüentemente a pele do hospedeiro. O couro é o subproduto que sofre maior depreciação, o que, muitas vezes, impossibilita seu aproveitamento na industrialização. Atualmente o controle químico é utilizado como forma de combate à dermatobiose, entretanto, leva ao acúmulo de substâncias tóxicas nos animais e no ambiente. No presente trabalho, foram avaliadas as respostas imune-humoral e celular de bovinos imunizados com extrato antigênico preparado com larvas de D. hominis. Três grupos de oito bezerras da raça Nelore com 10 meses de idade foram usados, tendo o primeiro grupo (A recebido aplicação de extrato imunogênico de larvas de D. hominis, com intervalos de quinze dias; o grupo (B, utilizado como controle, não recebendo nenhum tipo de tratamento; e o grupo (C recebendo o tratamento ectoparasiticida à base de Dichlorvos associado a Cypermetrina. Neste mesmo período, foram avaliados o leucograma e os níveis de IgG contra D. hominis pela técnica de enzimoimunoensaio-ELISA. Quanto à avaliação da imunidade humoral, verificou-se que os animais do grupo A apresentaram maior produção de IgG contra D. hominis, com níveis máximos de anticorpos circulantes aos 45 dias após a primeira imunização. Estes animais também apresentaram maior produção de neutrófilos, eosinófilos e monócitos que os dos grupos B e C. O número de nódulos de larvas encontrado nos animais do grupo C foi 148,3% maior que nos animais dos grupos A e B. A comprovação da resposta imune celular e humoral, parcialmente caracterizadas, bem como a redução do número de nódulos, são indicadores que a imunização contra D. hominis foi parcialmente protetora para os bovinos imunizados.Dermatobia hominis larvae cause ulcerative lesions and damage to subcutaneous tissue and skin of the host. Leather is the subproduct which undergoes major depreciation

  12. Schistosoma mansoni: evolução de vermes oriundos de cercárias irradiadas a nível de sistema porta, no camundongo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gileno de Sá Cardoso

    1989-12-01

    Full Text Available Oito grupos de camundongos albinos (Mus musculus, não isogênicos, foram infectados transcutaneamente com cerca de 450 cercárias (das cepas LE e SJ do S. mansoni, irradiadas com 3 Krad, 20 Krad e 40 Krad de radiação gama proveniente de cobalto-60, e não irradiados (grupos-controle. Os vermes provenientes de cercárias irradiadas com 20 e 40 Krad só foram encontrados em quantidades insignificantes no sistema porta. Verificou-se que os vermes irradiados com 3 Krad, que alcançom o sistema porta, mostram nítido retardo no desenvolvimento evolutivo quando comparados com os grupos-controles não irradiados. Os vermes da cepa SJ (irradiados ou não têm evolução mais lenta do que os da cepa LE.Eight groups of outbred albino mice were infected transcutaneously with cercariae of S. mansoni (strains LE and SJ irradiated with either 3, 20 or 40Krad, of gamma radiation from a cobalt-60 bomb and a control non irradiated group. Cercariae irradiated with 20 or 40 Kradfailed to develop in the portal system and3 Krad retarded development. Worms of the SJ strain developed more slowlt than the LE strain.

  13. Perfis clínico e hematológico de camundongos submetidos ao envenenamento escorpiônico experimental por Tityus fasciolatus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P.T.C. Guimarães

    2011-12-01

    Full Text Available Estudou-se o quadro clínico do veneno decorrente do envenenamento por Tityus fasciolatus e sua ação refletida nos componentes hematológicos no modelo murino. Para o estudo do perfil hematológico, foram utilizados 54 camundongos Swiss CF1, machos, com 30g, distribuídos em três grupos (G (n=18 inoculados via subcutânea com: 50µL de PBS (G1; 24µg de veneno de T. fasciolatus (G2 e 8µg de veneno de T. serrulatus (G3. Cada grupo foi subdividido em três subgrupos (n=6 de acordo com o momento da coleta de sangue que foi estipulada em uma, oito e 24h após a inoculação do veneno, e foram realizados o hemograma e a dosagem de proteínas totais e fracionadas. O veneno de T. fasciolatus na dose de 24µg causou piloereção, comportamento nociceptivo, secreção nasal e oral acentuada, dispneia, prurido na face e reflexos exacerbados. No exame hematológico, foram observadas policitemia relativa e leucocitose com linfocitose.

  14. Efeito da administração de cordiasalicifoliacham (CSC sobre o metabolismo glicídico de camundongos tornados intolerantes a glicose pela administração neonatal de monoglutamato de sódio (MSG

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela Sayumi Tsuchiya

    2014-10-01

    Full Text Available Introdução. A CSC é atribuída um possível efeito benéfico no metabolismo de glicose. Objetivo: Avaliar o efeito da CSC sobre o peso corporal e metabolismo glicídico de camundongos que receberam administração neonatal de MSG. Metodologia: Camundongos Swiss receberam MSG do 2o ao 11o dia de vida (grupo MSG ou o mesmo volume de solução fisiológica (grupo CONT. Aos 3 meses de vida, parte dos animais passou a receber uma solução CSC (grupos MSG+CS e CONT+CS, 400 mg/kg. Os demais animais receberam água normal (grupo CONT e MSG. O peso foi acompanhado semanalmente. Ao final das 8 semanas, os animais foram submetidos aos testes de tolerância oral à glicose e de tolerância à insulina. Resultados: A indução de obesidade determinou aumento de peso, marcada intolerância à glicose, resistência à insulina, aumento da gordura visceral e maior massa ventricular. O tratamento com CSC nos camundongos MSG determinou um menor ganho de peso e redução significante da intolerância à glicose, apesar de que estes valores ainda sejam maiores que os animais controles. Não houve melhora na resistência à insulina. A melhora da intolerância à glicose foi semelhante àquela que aconteceu no peso da gordura visceral. Conclusão:A CSC determinou menor gordura visceral e formação de mediadores inflamatórios que determinaram melhora do metabolismo glicídico.

  15. O etanercepte induz QRS de baixa tensão e disfunção autonômica em camundongos com doença de Chagas experimental

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Héctor Rodríguez-Angulo

    2013-09-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A doença de Chagas é uma doença parasitária tropical causada pelo protozoário flagelado Trypanosoma cruzi. A cardiomiopatia chagásica é caracterizada por distúrbios na regulação autonômica e na condução do potencial de ação nas fases aguda e crônica da infecção. Embora o fator de necrose tumoral alfa (TNF-α tenha sido associadoà cardiomiopatia em modelos experimentais e em pacientes com doença de Chagas, outros relatos sugerem que o TNF-α pode exercer ações antiparasitárias durante a fase aguda da infecção. OBJETIVOS: Este estudo teve como objetivo determinar os efeitos de um blocker TNF-α solúvel, o etanercepte, em parâmetros eletrocardiográficos na fase aguda da infecção experimental com Trypanosoma cruzi. MÉTODOS: Foram feitos eletrocardiogramas em camundongos infectados não tratados e camundongos infectados que foram tratados com etanercepte 7 dias após a infecção. Os parâmetros de variabilidade onda do eletrocardiograma e frequência cardíaca foram determinados utilizando o Chart para Windows. RESULTADOS: O tratamento com etanercepte resultou em uma baixa tensão do complexo QRS e uma redução da variabilidade da frequência cardíaca em comparação com a ausência de tratamento. No entanto, os camundongos tratados apresentaram um atraso na queda da curva de sobrevivência durante a fase aguda. CONCLUSÃO: Os resultados deste estudo sugerem que, embora o tratamento com etanercepte promova a sobrevivência em camundongos infectados com uma linhagem virulenta de T. cruzi, o bloqueio do TNF-α gera um complexo de baixa tensão e disfunção autonômica durante a fase aguda da infecção. Esses resultados indicam que a mortalidade durante a fase aguda pode ser atribuída a uma resposta inflamatória sistêmica, em vez da disfunção cardíaca.

  16. Efeitos do reiki na evolução do granuloma induzido através da inoculação do BCG em hamsters e do tumor ascítico de Ehrlich induzido em camundongos

    OpenAIRE

    Ricardo Rodrigues Garé

    2008-01-01

    Estudaram-se os efeitos da influência do Reiki na evolução do granuloma induzido experimentalmente pela inoculação do BCG no coxim plantar de hamsters, assim como os efeitos da mesma terapia em camundongos portadores do tumor ascítico de Ehrlich in vivo e in vitro. No modelo de inflamação granulomatosa crônica, utilizou-se 40 hamsters machos, os quais após serem inoculados com BCG no dia 0 no coxim da pata posterior direita, foram separados em dois grupos contendo 20 animais em cada. Um grupo...

  17. Effect of oxamniquine on cell adhesion to Schistosoma mansoni larvae in the peritoneal cavity of naive mice Efeito da oxamniquina sobre a adesão celular da larva do S. mansoni na cavidade peritoneal de camundongos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alan Lane de Melo

    1993-06-01

    Full Text Available The treatment of naive mice with high closes of oxamniquine, 1 hour before the intraperitoneal inoculation of Schistosoma mansoni cercariae, induces a delay in the transformation process resulting in a longer host cell adhesion.O tratamento de camundongos sem infecção prévia com altas doses de oxamniquina, 1 hora antes do inóculo intraperitoneal com cercárias de Schistosoma mansoni, induz a um atraso no processo de transformação, resultando conseqüentemente em larvas com adesão celular mais duradoura.

  18. Efeitos do exercício físico e do extrato de soja no perfil lipídico, no estresse oxidativo e na aterosclerose em camundongos deficientes do gene para receptor de LDR-/-

    OpenAIRE

    Tatiana Ramos Fonseca

    2007-01-01

    Objetivo: Este estudo teve como objetivo avaliar os efeitos do exercício físico e do extrato de soja no perfil lipídico, no estresse oxidativo e na aterosclerose em camundongos deficientes do gene para o receptor de LDL (LDLr-/-).Métodos: Os animais foram divididos: grupo que não realizou exercício e recebeu dieta controle (CT; n=8); grupo que realizou exercício e recebeu dieta controle (EX; n=8); grupo que não realizou exercício e recebeu dieta contendo extrato de soja (ES; n=8); grupo que r...

  19. O tumor experimental de Ehrlich induz comportamento nociceptivo em camundongos : padronização de um novo modelo para o estudo da fisiopatologia da dor no câncer e triagem de analgésicos

    OpenAIRE

    Cássia Calixto de Campos

    2013-01-01

    A dor afeta diretamente a qualidade de vida dos pacientes com câncer o que ressalta a importância deste campo de pesquisa. O tumor de Ehrlich foi descrito em 1905 como um adenocarcinoma mamário de camundongos fêmeas e pode ser desenvolvido em formas sólidas e ascítica, dependendo da administração em tecidos ou cavidades, respectivamente. O presente estudo investigou se a administração subcutânea plantar das células tumorais de Ehrlich induz o comportamento da dor manifesta (agitação da pata),...

  20. White tea (Camellia sinensis extract reduces oxidative stress and triacylglycerols in obese mice Extrato de chá branco reduz extresse oxidativo e triacilglicerois em camundongos obesos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lílian Gonçalves Teixeira

    2012-12-01

    Full Text Available White tea is an unfermented tea made from young shoots of Camellia sinensis protected from sunlight to avoid polyphenol degradation. Although its levels of catechins are higher than those of green tea (derived from the same plant, there are no studies addressing the relationship between this tea and obesity associated with oxidative stress.The objective of this study was to evaluate the effect of white tea on obesity and its complications using a diet induced obesity model. Forty male C57BL/6 mice were fed a high-fat diet to induce obesity (Obese group or the same diet supplemented with 0.5% white tea extract (Obese + WTE for 8 weeks. Adipose tissue, serum lipid profile, and oxidative stress were studied. White tea supplementation was not able to reduce food intake, body weight, or visceral adiposity. Similarly, there were no changes in cholesterol rich lipoprotein profile between the groups. A reduction in blood triacylglycerols associated with increased cecal lipids was observed in the group fed the diet supplemented with white tea. White tea supplementation also reduced oxidative stress in liver and adipose tissue. In conclusion, white tea extract supplementation (0.5% does not influence body weight or adiposity in obese mice. Its benefits are restricted to the reduction in oxidative stress associated with obesity and improvement of hypertriacylglycerolemia.O chá branco é um chá não fermentando feito a partir de brotos jovens da Camellia sinensis protegidos da luz solar para evitar a degradação de polifenóis. Embora os níveis de catequinas sejam mais elevados que os do chá verde (mesma planta, nenhum estudo foi realizado sobre estresse oxidativo relacionado obesidade. Nosso objetivo foi avaliar o efeito do chá verde na obesidade e suas complicações, usando um modelo de obesidade induzida por dieta. Quarenta camundongos C57BL/6 machos foram alimentados com dieta hiperlipídica para indução da obesidade ou mesma dieta suplementada

  1. Infecção experimental pelo Encephalitozoon cuniculi em camundongos imunossuprimidos com dexametasona Experimental Encephalitozoon cuniculi infection in dexamethasone-immunosuppressed mice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Anete Lallo

    2002-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: O microsporídio Encephalitozoon cuniculi tem sido reconhecido como um patógeno oportunista em indivíduos imunossuprimidos, tais como pacientes com Aids. O objetivo do trabalho foi desenvolver animais farmacologicamente imunossuprimidos como modelo da infecção natural pelo E. cuniculi. MÉTODOS: Foram usados grupos distintos de camundongos Balb-C adultos, imunossuprimidos com diferentes doses de dexametasona (Dx, 3 ou 5 mg/kg/dia por via intraperitoneal ¾ IP e inoculados com esporos de E. cuniculi por via IP. Também foram usados grupos controle (animais inoculados, mas nãoimunossuprimidos, e animais imunossuprimidos, mas não inoculados. Os esporos de E. cuniculi foram previamente cultivados em células MDCK. Os animais foram sacrificados e submetidos à necropsia aos 7, 14, 21, 28 e 35 dias pós-inoculação. Fragmentos teciduais foram coletados e processados para análise por microscopia de luz, utilizando-se as técnicas de coloração de Gram -chromotrope e de hematoxilina-eosina. RESULTADOS: Em todos os animais imunossuprimidos e inoculados, porém especialmente naqueles que receberam 5 mg/kg/dia de Dx, os achados de necropsia mais proeminentes foram hepato e esplenomegalia. A inoculação experimental resultou em uma infecção disseminada e não-letal, caracterizada por lesões granulomatosas em diversos órgãos (fígado, pulmões, rins, intestino, encéfalo, porém mais notadamente no tecido hepático. Esporos de E. cuniculi foram observados em poucos animais tratados com 5 mg/kg/dia de Dx aos 35 dias pós-infecção. CONCLUSÕES: Microsporidiose em camundongos imunossuprimidos com Dx fornece um modelo útil para estudos da infecção por microsporídios, assemelhando-se àquela naturalmente observada em indivíduos imunodeficientes com Aids.OBJECTIVE: Microsporidian Encephalitozoon cuniculi has been recognized as an opportunistic pathogen in immunosuppressed individuals, such as AIDS patients. The objective of the

  2. Embryo quality of mice (“Mus musculus” fed royal jelly Qualidade embrionária de camundongos ("Mus musculus" suplementados com geléia real

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruno Edésio dos Santos Melo

    2009-03-01

    Full Text Available The study was carried out to verify the effect of feeding royal jelly associated to follicle growth induction on number and quality of mice (Mus musculus embryos. Sixty Swiss females ageing from eight to ten weeks were distributed into three treatments: the first one, composed by animals fed 0.2 mL of physiological solution intraperitoneal (control group, n=20; the second and third ones, composed by females fed 0.5 and 1.0 mg of royal jelly diluted in 0.2 mL of physiological solution (n=20, respectively. Royal jelly was administered during 15 days, followed by the follicular growth induction process. Embryos were collected 68 hours after mating, by uterine flushing. No treatment effects on the number of females that answered to superovulatory process, the number of total recovery structures, the number of viable and non viable structures and the morphological quality of viable embryos (P>0.05 were observed. Therefore, royal jelly doses used were not efficient to increase the number of embryos and to improve the quality recovery from superovulated mice.Objetivou-se verificar a influência da geléia real, associada ao tratamento de indução de crescimento folicular, no número e na qualidade de embriões de camundongos (Mus musculus. Foram utilizadas 60 fêmeas da linhagem Suíço albino com idade entre oito e dez semanas, distribuídas em três tratamentos: o primeiro, composto por animais que receberam 0,2 mL de solução fisiológica, via intraperitonial (grupo controle, n=20; o segundo e terceiro, compostos de fêmeas que receberam 0,5 e 1 mg de geléia real diluídos em 0,2 mL de solução fisiológica via intraperitonial (n=20, respectivamente. Foi administrada geléia real por um período de 15 dias, segundo o processo de indução do crescimento folicular. As coletas dos embriões ocorreram 68 horas após a cobertura, utilizando-se o método da lavagem uterina. Não houve diferença no número de fêmeas que responderam ao tratamento

  3. Atividade dissacaridásica intestinal da esquistossomose mansônica: estudo evolutivo em camundongos com diferentes cargas de infestação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M. G. A. Sadek

    1986-04-01

    Full Text Available A esquistossomose mansônica compromete vários órgãos, sendo o intestino e o fígado os mais agredidos. Com a intenção de verificar o comprometimento do intestino delgado, dependente da intensidade e do tempo de infecção pelo Schistosoma mansoni, analisou-se a atividade das dissacaridases — lactase, sacarase e maltase — em 112 camundongos, distribuídos em 3 grupos: grupo I — controle, grupo II — infestado com 30 cercárias, grupo III — infestado com 60 cercárias. Observamos uma diminuição da atividade lactásica, sacarásica e maltásica do intestino delgado, decorrente da infestação esquistossomdtica, do tempo de infestação e da alteração entre ambos. O íleo é o segmento que demonstrou maior sensibilidade a esquistossomose, tendo uma diminuição das suas dissacaridases a partir da fase inicial de infestação. Opostamente, o jejuno só mais tardiamente mostra essas alterações, exceto em relação a lactase. Detectou-se um aumento da atividade dissacaridásica, inclusive para a lactase, em todos os grupos, com a evolução etária dos animais, quantitativamente menor nos infestados. Cargas de 30 e 60 cercárias devem ser consideradas de mesmo porte, pois produziram ledução semelhante na atividade dissacaridásica.

  4. Avaliação da mutagenicidade e antimutagenicidade de um biopolímero extraído do microorganismo Agrobacterium radiobacter em camundongos Swiss

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Milka Selestina Primo

    Full Text Available A presente pesquisa avaliou a ação mutagênica e antimutagênica de um biopolímero de glucose extraído da Agrobacterium radiobacter (Biopolímero de Agrobacterium radiobacter. O experimento foi realizado com camundongos Swiss machos divididos em oito grupos. O tratamento com o biopolímero foi realizado por gavage em dose única concomitante a uma dose de solução tampão fosfato nos grupos de avaliação da mutagenicidade, ou ao agente indutor de danos no DNA, ciclofosfamida, na concentração de 50 mg/kg (peso corpóreo - p.c., nos grupos de avaliação da antimutagenicidade. Utilizou-se o teste de micronúcleo em sangue periférico e a coleta de sangue foi realizada 24 e 48 h após a aplicação das substâncias-teste. A análise estatística demonstrou que o biopolímero não possui atividade mutagênica e que é efetivo em prevenir danos no DNA. As porcentagens de redução de danos nos grupos de antimutagenicidade foram de 83,9%, 89,1% e 103,1% em 24 h e 101,24%, 98,14% e 120,64% em 48 h para as doses de 75, 150 e 300mg/kg (p.c., respectivamente. A alta porcentagem de redução de danos associada à ausência de efeitos mutagênicos indica, além da atividade quimioprotetora, a possibilidade do biopolímero ser um alimento funcional candidato à utilização como co-adjuvante na quimioterapia para prevenir efeitos colaterais.

  5. Avaliação do pigmento de Lawsonia inermis (henna como carreador de antígenos inoculados por via transcutânea em camundongos = Evaluation of Lawsonia inermis (henna pigment as a carrier of antigens inoculated by transcutaneous immunization pigment in mice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Biffi, Karoline

    2013-01-01

    Conclusões: As vacinações transcutâneas com antígeno bruto de P. brasiliensis e albumina sérica bovina em suspensão de pigmento de L. inermis não produziram resposta antigênica detectável em camundongos

  6. Resposta osteomielogênica ectópica ao implante de matriz óssea desmineralizada em camundongos tratados com bussulfano

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Julieta Rodini Engrácia de Moraes

    1996-09-01

    Full Text Available Camundongos Swiss, fêmeas, (25-30 g; n = 100 receberam 4 injeções de bussulfano (20 mg/kg, ip a intervalos de 15 dias (n = 100. Antes do tratamento e após 30, 60 e 90 dias, os animais deste e de um grupo controle (n = 15 foram avaliados quanto ao leucograma, taxa de hemoglobina e hematrócito por meio do sangue colhido por punção retroorbital. Sessenta dias após o início do tratamento, 60 animais sobreviventes do grupo tratado e 15 animais do grupo controle receberam implantes intermuseulares de matriz óssea desmineralizada (MOD-10 mg. No 90s dia (30 dias após o implante foram sacrificados para exame histológico da medula óssea esternal (MOE e da resposta osteomielogênica ao implante de MOD. Trinta dias após o início do tratamento observou-se leucopenia, com diminuição do número de granulócitos, linfócitos e monócitos nos animais que receberam bussulfano. O hematócrito e a taxa de hemoglobina apresentaram-se diminuídos no 609 dia. O exame histológico da MOE do grupo tratado revelou hipocelularidade, dilatação dos capilares sinusóides e redução do número de megacariócitos (50%. Os animais controle apresentaram 100% de resposta positiva ao implante de MOD, havendo formação de placas metaplásicas compostas por trabéculas ósseas contendo cavitações preenchidas por células hematopoiéticas. Em 46,7% dos animais tratados observou-se resposta osteomielogênica semelhante à do grupo controle, mas com hipocelularidade e maior componente de adipócitos; 25% apresentaram resposta osteomielogênica tardia e incompleta com menor componente ósseo, maior componente cartilaginoso e ausência de células hematopoiéticas; nos 28,3% restantes a resposta foi negativa.

  7. Ensaio terapêutico na infecção por Giardia muris em camundongo com metronidazole, tinidazole, secnidazole e furazolidone

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudia Cristina Pedigone Cruz

    1997-06-01

    Full Text Available Foi testado in vivo a sensibilidade de Giardia muris a quatro drogas comumente usadas no tratamento da giardíase humana. Foram utilizados 7 grupos de animais, com 12 camundongos cada, sendo que o grupo controle recebeu apenas solução salina 0,15M (0,5ml/animal. Os demais grupos receberam em dose única: metronidazole e furazolidone (500mg/kg, tinidazole e secnidazole (200mg/kg. A eficácia das drogas foi avaliada através da contagem de cistos nas fezes e pela ausência de trofozoítos no intestino. O metronidazole foi a droga mais eficaz. Os cortes histológicos mostraram diferenças entre o padrão da mucosa intestinal de animais normais e parasitados. No entanto, não se observou diferença entre o padrão de mucosa de animais infectados tratados e não tratados, o que sugere que estas alterações podem ser causadas pelo parasito e não pelas drogas.A comparative study about the effectiveness of metronidazole, tinidazole, secnidazole and furazolidone was performed on Giardia muris from mice naturally infected. Groups of 12 animals each was constituted: the control treated with saline; one treated with metronidazole; one treated with furazolidone; one treated with tinidazole; one treated with secnidazole; histological normal control; histological infected. Samples of three stools were examined before and after treatment with quantification of cysts. Animals were cured when the trophozoites was not seen in the small bowel. The curative activity of drugs was 58.3% for metronidazole, 50% for furazolidone, 40% for secnidazole and 16% for tinidazole. It was also showed that there was a different pattern of the intestinal mucosa from the control and infected groups, treated or not, suggesting that the alterations encountered in the mucosa of infected animals were due to the parasitism either the action of the drugs.

  8. Transplante experimental cardíaco heterotópico e cutâneo em camundongos Experimental heterotopic cardiac and cutaneous transplantation in mice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Sestrheim

    2005-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estudo experimental com o objetivo de desenvolver e avaliar a viabilidade das técnicas de transplante experimental cardíaco heterotópico abdominal vascularizado e cutâneo em camundongos, criando um instrumento para investigação da eficácia de soluções de preservação, novas drogas imunossupressoras, agentes biológicos, terapia gênica e indução de tolerância imunológica. MÉTODO: Para este estudo, as técnicas utilizadas foram descritas previamente por Corry et al. e Billingham et al. RESULTADOS: O tempo cirúrgico total para a realização dos transplantes cardíacos (n=20 foi, em média, 60,3±6,3 minutos e para os transplantes cutâneos (n=20, 17,75±0,71 minutos. A média de sobrevida dos aloenxertos cutâneos (n=34 e cardíacos (n=24 foi, respectivamente, 7 e 11 dias, enquanto que os isoenxertos sobreviveram por mais de 100 dias. CONCLUSÕES: Ambas as técnicas se caracterizaram pela fácil reprodutibilidade dos modelos experimentais. As diferenças entre as técnicas não se limitaram às peculiaridades metodológicas ou ao tempo de sobrevida e vascularização, mas principalmente à sua imunogenicidade e suscetibilidade à rejeição.OBJECTIVE: This is an experimental study which aims at developing and evaluating the feasibility of experimental techniques of vascularized and cutaneous abdominal heterotopic heart transplant in mice, creating an instrument of investigation for the effectiveness of prservation solutions, new immunosuppressive drugs, biological agents, genetic therapy and induction of immunological tolerance. METHOD: The techniques used in this work were previously described by Corry et al. and Billingham et al. RESULTS: The total surgical time to perform the cardiac transplants (n=20 was on average 60.3+6.3 minutes and the time of cutaneous transplants (n= 20 17.75+0.71 minutes. The average survival of the cutaneous allografts (n=34 and cardiac (n=24 allografts was 7 and 11 days, respectively, while

  9. Antiamnesic evaluation of C. phlomidis Linn. bark extract in mice Avaliação da atividade antiamnésica da casca de C. phlomidis Linn. em camundongos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    anumanthachar Joshi

    2008-12-01

    Full Text Available Clerodendron phlomidis Linn. (Verbenaceae is known as Agnimantha in sanskrit. Bark of the plant is used in treating various nervous disorders. In the present study C. phlomidis was investigated for its potential as a nootropic agent in mice. The aqueous extract of the C. phlomidis (100 and 200 mg/kg, p.o. was administered for 6 successive days to both young and aged mice. Exteroceptive behavioral models such as elevated plus maze and passive avoidance paradigm were employed to evaluate short term and long term memory respectively. Scopolamine (0.4 mg/kg, i.p., diazepam (1 mg/kg, i.p. were employed to induce amnesia in mice. To delineate the mechanism by which C. phlomidis exerts nootropic action, its effect on brain acetyl cholinesterase levels were determined. Piracetam (200 mg/kg, i.p. was used as a standard nootropic agent. Pretreatment with C. phlomidis (100 and 200 mg/kg, p.o. for 6 successive days significantly improved learning and memory in mice. It reversed the amnesia induced by scopolamine, diazepam and natural ageing. It also decreased the acetyl cholinesterase levels in the whole brain. The bark of C. phlomidis can be of enormous use in the management of treatment of cognitive disorders such as amnesia and Alzheimer's disease.Clerodendron phlomidis Linn. (Verbenaceae é conhecida como Agnimantha em sânscrito. A casca da planta é utilizada no tratamento de várias disfunções neurológicas. No presente estudo, C. phlomidis foi investigada pelo seu potencial como agente nootrópico em camundongos. O extrato aquoso de C. phlomidis (100 e 200 mg/kg, p.o. foi administrado por seis dias consecutivos tanto para camundongos jovens quanto para idosos. Modelos comportamentais exteroceptivos, tais como labirinto em cruz elevada e paradigma de esquiva passiva foram empregados para avaliar memória recente e tardia, respectivamente. Escopolamina (0,4 mg/kg i.p., diazepam (1 mg/kg i.p. foram empregados para induzir amnésia em camundongos. A

  10. Pathogenicity of Rhodococcus equi in mice, isolated from environment, human and horse clinical samples Patogenicidade atogenicidade em camundongos de isolados clí- clínicos, nicos, ambientais e humanos de Rhodococcus equi

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mateus M. Costa

    2006-09-01

    cido micólico e alguns produtos codificados por um grande plasmídeo de 85-90Kb foram descritos como fatores de virulência. Entretanto, a patogênese da infecção e a susceptibilidade dos potros não s��o completamente entendidas. Nove cepas carreando o plasmídeo e isoladas de potros doentes, um isolado de paciente humano imunossuprimido, e seis cepas sem plasmídeo (4 de fezes, 1 de pastagem e 1 de paciente humano imunossuprimido foram inoculadas em camundongos imunossuprimidos com ciclofosfamida. As alterações patológicas e a viabilidade das células de R. equi no fígado foram verificadas depois do terceiro, sexto e décimo dia após a inoculação para isolados clínicos e depois do primeiro, terceiro e sexto dia para isolados de pacientes humanos. Na necropsia foram detectados infiltrado de macrófagos e lesões piogranulomatosas no fígado e baço dos camundongos após o sexto dia da inoculação. Para isolados clínicos, somente os plasmídeo positivos foram virulentos, mas para os humanos, ambos os isolados (plasmídeo positivos e plasmídeo negativos foram virulentos. Ambos os grupos de camundongos imunossuprimidos inoculados com isolados ambientais mostraram alterações patológicas. Todos os isolados foram incapazes de matar camundongos imunocompe-tentes.

  11. Morfologia e desenvolvimento de Schistosoma mansoni Sambon, 1907 em infecções unissexuais experimentalmente produzidas no camundongo Morphology and development of Schistosoma mansoni Sambon, 1907 in unisexual infections produced experimentally in mice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eliana Maria Zanotti

    1982-04-01

    Full Text Available Estudou-se o desenvolvimento de Schistosoma mansoni em infecções unissexuais no camundongo. Os esquistossomos fêmeos apresentaram-se menos desenvolvidos do que os machos. Houve correlação entre o comprimento dos machos e o número de testículos. Verificou-se que o isolamento sexual é prejudicial aos dois sexos, principalmente à fêmea.The Schistosoma mansoni development in mice submitted to unisexual infections was studied. The single female worms developed less than the single males. There was correlation between the male's length and the number of his tests. It was verified that sexual isolation of the schistosomes is prejudicial to both sexes, mainly for the female.

  12. Parâmetros morfofisiológicos testiculares de camundongos (Mus musculus suplementados com geleia real Morphophysiological parameters of mice (Mus musculus testicles supplemented with royal jelly

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.C.T. Morais

    2009-02-01

    Full Text Available Avaliaram-se os efeitos da geleia real sobre os parâmetros morfofisiológicos testiculares de camundongos (Mus musculus. Utilizaram-se 57 machos Swiss, com quatro meses de idade, distribuídos aleatoriamente em seis tratamentos: T1: solução fisiológica, via intraperitoneal; T2: 0,1mg de geleia real, via intraperitoneal; T3: 0,2mg de geleia real, via intraperitoneal; T4: água destilada, via oral; T5: 0,1mg de geleia real, via oral; e T6: 0,2mg de geleia real, via oral. Após 45 dias de suplementação com geleia real, os animais sacrificados e pesados tiveram seus testículos coletados, incluídos em parafina e corados com hematoxilina/eosina. Não houve diferença entre os tratamentos quanto aos: pesos corporal e testicular, índice gonadossomático, diâmetro tubular, altura do epitélio, comprimento total dos túbulos seminíferos, comprimento tubular por grama de testículo, índices tubulossomático e leydigossomático e valores de proporção volumétrica referentes à túnica própria, epitélio seminífero, vaso sanguíneo e vaso linfático. Foi encontrada diferença entre T1 e T3 em relação aos túbulos seminíferos e ao espaço intertubular.The effects of royal jelly on the morphophysiological parameters of mice (Mus musculus testicles were studied. Fifty-eight male Swiss mice were evaluated. They were four-month old and were randomly distributed in six treatments: T1: physiological solution, intraperitonial route; T2: 0.1mg of royal jelly, intraperitonial route; T3: 0.2mg of royal jelly, intraperitonial route; T4: distilled water, orally; T5: 0.1mg of royal jelly, orally; and T6: 0.2mg of royal jelly, orally. After 45 days of supplementation with royal jelly, the animals were weighted, slaughtered, and the testicles collected, included in paraffin, and stained with haematoxylin-eosin. No differences among treatments were observed for: body and testicular weights, gonadossomatic index, tubular diameter, epithelial height, total

  13. Association of mesenchymal stem cells with platelet rich plasma on the repair of critical calvarial defects in mice Associação de células-tronco mesenquimais com plasma rico em plaquetas na reparação de defeitos críticos em calvária de camundongos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Betânia Souza Monteiro

    2012-03-01

    Full Text Available PURPOSE: To evaluate the effects of mesenchymal stem cells (MSC from eight mice C57BL/6 gfp+ bone marrows expanded in cultures associated with platelets rich plasma (PRP deriving from another eight mice, in the repair of critical defects in calvarial bone produced in twenty-four adult isogenic mice C57BL/6. METHODS: The animals were submitted to a cranial defect of 6.0mm in diameter and divided into two equal experimental groups. Control group did not receive treatment and the treated group received a MSC pellet containing 1.0 x 10(7 cells/mL associated with 50.0µL of plasma gel containing 1.0 x 10(9 autologous platelets within the defect. RESULTS: In the treated group was observed process of angiogenesis and bone repair better than control group. CONCLUSION: Mesenchymal stem cells derived from bone marrow of C57BL/6 gfp+ mice associated with PRP gel applied in bone critical defects produced in calvarial contributes positively to the process of bone repair.OBJETIVO: Avaliar os efeitos da associação das células-tronco mesenquimais (MSC oriundas da medula óssea de oito camundongos jovens C57BL/6 gfp+ e expandidas em culturas, com Plasma Rico em Plaquetas (PRP provenientes de outros oito camundongos, na reparação de defeitos críticos confeccionados em calvária de 24 camundongos adultos C57BL/6. MÉTODOS: Os animais foram submetidos a um defeito craniano de 6,0mm de diâmetro e separados em dois grupos experimentais iguais. O grupo controle não recebeu tratamento e no grupo tratado foi administrado, no interior do defeito, pellet de MSC contendo 1,0 x 10(7 células/mL associado com 50,0µL de plasma em gel autólogo contendo 1,0 x 10(9 plaquetas. RESULTADOS: No grupo tratado verificou-se processo de angiogênese e reparação óssea superior ao grupo controle. CONCLUSÃO: A associação das células-tronco mesenquimais (MSC derivadas da medula óssea de camundongos C57BL/6 gfp+ com gel de PRP aplicadas em defeitos ósseos cr

  14. Effects of short term fasting on the evolution of fecal peritonitis in mice Efeitos de jejum de curta duração na evolução de peritonite fecal em camundongos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Antônio Martins Bermudes

    2011-06-01

    Full Text Available PURPOSE: To investigate the effect of 72 hours food suppression on the evolution of fecal peritonitis in mice evaluating the mortality and measuring the number and size of abscesses formed into the peritoneal cavity. METHODS: Mice receiving commercial diet and water ad libitum (control group, N=35 and mice fasted during 72 h (N=35, receiving only water ad libitum, were inoculated by i.p. route, with 4uL/g body weight of a fecal suspension diluted 1:6 or 1:9 in 0.15M NaCl solution (1:6 dilution, 22 controls and 18 fasted; 1:9 dilution, 13 controls and 17 fasted. Animals were followed up until two weeks after fecal inoculation, when the survivors were euthanized for evaluation of the number and size of intra-peritoneal abscesses. Mortality was evaluated by Kaplan Meyer curves. RESULTS: Mortality was significantly higher in fasted groups than in controls. However the number and size of abscesses were significantly less in fasted groups than in controls. CONCLUSION: Seventy two hours food suppression increased the susceptibility to endotoxic shock (high mortality after peritonitis induction and the resistance to infection with fecal microorganisms (less number and size of intra-peritoneal abscesses.OBJETIVO: Investigar o efeito de jejum de 72 horas na evolução de peritonite fecal em camundongos, avaliando a mortalidade e o número e tamanho dos abscessos formados na cavidade peritoneal. MÉTODOS: Camundongos recebendo dieta ad libitum (grupo controle, N=35 e camundongos submetidos a jejum durante 72h (N=35 foram inoculados, por via intraperitoenal, com 4uL/g de peso corporal de uma suspensão de fezes diluída a 1:6 ou 1:9 em NaCl 15M (diluição 1:6, 22 controles e 18 jejum; diluição 1:9, 13 controles e 17 jejum. Os animais foram acompanhados até duas semanas após a inoculação das fezes quando eram eutanaziados para avaliação do número e tamanho dos abscessos intraperitoneais. A mortalidade foi avaliada através das curvas de Kaplan

  15. Translocation of Klebsiella sp. in mice fed an enteral diet containing prebiotics Translocação de Klebsiella sp. em camundongos alimentados com dieta enteral contendo prebióticos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniele Ferreira da Silva

    2009-04-01

    Full Text Available OBJECTIVE: This work aimed to evaluate the effect of fructooligosaccharide and inulin added to an enteral diet on the translocation of Klebsiella sp. in mice. METHODS: Four- to six-week-old Swiss albino mice were divided into nine groups and fed enteral diets containing different combinations of fructooligosaccharide, inulin, antibiotic and corticoid, inoculated or not with Klebsiella pneumoniae. On day 5, the animals of four groups were fed an enteral diet contaminated with approximately 10(10CFU/g of K. pneumoniae. At defined times, two animals of each group were sacrificed and their organs (spleen, heart, liver, lungs, and kidneys were aseptically collected, weighed, and analyzed for the presence of typical Klebsiella sp. colonies. RESULTS: A higher number of CFU/g of Klebsiella was detected in the organs of the animals in the immune-suppressed group fed the diet contaminated with K. pneumoniae and without prebiotics. Animals fed the diet enriched with fructooligosaccharide and inulin, at a concentration of 15.3mg/g of body weight, had a shorter period of Klebsiella sp. translocation, compared with those not fed prebiotics in the diet. CONCLUSION: The addition of fructooligosacharide and inulin in enterais diets at a concentration of 15.3mg/g of body weight resulted in the reduction of translocation of Klebsiella for spleen, heart, liver, lung and kidneys of mice that had received the diet contaminated associated or not with antibiotic and imunodepressor drug.OBJETIVO: Avaliar o efeito da administração de frutooligossacarídeo e inulina, adicionados à dieta enteral, na translocação de Klebsiella sp. em camundongos. MÉTODOS: Camundongos albinos suíços, com quatro a seis semanas de vida, foram divididos em nove grupos e tratados com dietas enterais contendo diferentes combinações de frutooligossacarídeos, inulina, antibiótico e corticóide, inoculadas ou não com Klebsiella pneumoniae. No quinto dia de experimento, os animais dos

  16. Effect of clarithromycin on the cell profile of bronchoalveolar lavage fluid in mice with neutrophil-predominant lung disease Efeito da claritromicina na celularidade do lavado broncoalveolar em camundongos com doença pulmonar neutrofílica induzida

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo Araújo Pinto

    2004-01-01

    Full Text Available OBJECTIVE: Macrolide antibiotics have anti-inflammatory properties in lung diseases. The aim of this study was to investigate the effect of clarithromycin in pulmonary cellular inflammatory response in mice. METHOD: Eight adult Swiss mice were studied. All animals received an intranasal challenge (80 µL with dead Pseudomonas aeruginosa (1.0 x 10(12 CFU/mL. Bronchoalveolar lavage was performed 2 days later, with total cell count and differential cell analysis. The study group (n = 4 received clarithromycin treatment (50 mg/kg/day, intraperitoneal for 5 days. Treatment was initiated 2 days before intranasal challenge. RESULTS: There was no significant difference in total cell count between the groups (mean: 2.0 x 10(6 and 1.3 x 10(6, respectively. In both groups, there was a predominance of neutrophils. However, the study group had a higher percentage of lymphocytes in the bronchoalveolar lavage than the control group (median of 19% vs 2.5%, P = .029. CONCLUSION: Clarithromycin alters the cytological pattern of bronchoalveolar lavage of Swiss mice with neutrophil pulmonary inflammation, significantly increasing the percentage of lymphocytes.OBJETIVO: Os antibióticos macrolídeos podem apresentar um efeito antiinflamatório em doenças pulmonares. O objetivo deste estudo é investigar o efeito da claritromicina na resposta inflamatória celular pulmonar em camundongos Swiss. MÉTODO: Foram utilizados 8 camundongos Swiss adultos (6-8 semanas. Todos os animais receberam um desafio intranasal (80 µL com Pseudomonas aeruginosa mortas (1 x 10(12 UFC/mL. Dois dias após o desafio, foi realizado lavado broncoalveolar (LBA com contagem total de células (CTC e exame citológico diferencial. O grupo em estudo (n=4 recebeu tratamento com claritromicina (50mg/kg/dia, intraperitoneal por 5 dias, sendo iniciado o tratamento 2 dias antes do desafio intranasal. O grupo controle (n=4 não recebeu tratamento com claritromicina. RESULTADOS: Não houve diferen

  17. Surto de varíola murina em camundongos suíços em biotério: Relato de caso An outbreak of mousepox in swiss mice in a laboratory animal facility: Case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    S. Diniz

    2001-04-01

    Full Text Available Duzentos camundongos suíços foram alojados em um biotério com instalações e condições de manejo adequadas para uma criação de animais convencionais sadios. Após 14 dias de alojamento, dois animais tiveram morte súbita, e em 74 animais (37% foram observados sintomas clínicos como edema da face e das patas. Uma semana após foram observadas lesões generalizadas na pele ou somente no dorso, na face, no focinho e nas patas, nódulos na cauda, e em cinco animais conjuntivite. A necropsia de 10 camundongos indicou alterações como hepatomegalia, esplenomegalia e hiperplasia dos gânglios. Amostras do fígado, baço e de lesões da cauda foram inoculadas em membrana corioalantóide (MCA de ovos embrionados de galinha. Após 72 horas foram detectadas lesões necróticas típicas denominadas "pocks". As MCAs foram maceradas e inoculadas em culturas de células Vero e detectado efeito citopático após 72 horas. O diagnóstico da varíola murina foi baseado nos sinais clínicos, lesões, cultivo e na identificação do vírus.Two hundred Swiss mice were housed following the requirements to produce healthy laboratory animals. After 14 days two mice had an acute lethal infection and one week later 74 animals (37% presented multiple skin lesions some of them associated with conjunctivitis. Necropsy of 10 mice with clinical signs (swelling of feet and facial area revealed alterations in the spleen, liver and lymphonodes. Samples of hepatic and splenic tissues and of tail lesions were inoculated on chorioallantoic membrane (MCA of embrionated chicken eggs and pocks lesions were detected. The MCAs were grinded and inoculated in Vero cell cultures and the cytophatic effect was detected after 72 hours. Diagnosis of mousepox was based on clinical signs, lesions and virus isolation and identification.

  18. The effects of treatment with melatonin on the ultrastructure of mouse leydig cells: a quantitative study Efeito do tratamento com melatonina sobre a ultra-estrutura das células de Leydig do camundongo: estudo quantitativo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C. A. REDINS

    2002-08-01

    Full Text Available Both the presence of receptors for gonadal steroids in the pineal gland and in vitro observations of direct action of melatonin upon Leydig cells, inhibiting testosterone secretion, indicate a direct connection between pineal gland and gonadal function. In the present study, we used a transmission electron microscope to analyze the morphologic parameters of Leydig cells from adult Swiss outbred white mice treated with daily subcutaneous injections of 100 µg of melatonin (N-acetyl, 5-methoxytryptamine, during 22 consecutive days, compared with sham-control animals which had only received the melatonin vehicle. The melatonin group of mice showed a decrease in nuclear volume and fractional nuclear volume; smooth and rough endoplasmic reticulum; mitochondria; and Golgi complex. Our data also showed an increase in cytoplasmic volume, fractional cytoplasmic volume, and lysosomes in these same animals. The results suggest that melatonin, directly or indirectly, alters the ultrastructure of mouse Leydig cells and possibly influences their secretory activity by inhibiting their capacity to secrete steroids.No presente trabalho, utilizamos a microscopia eletrônica de transmissão para analisar os parâmetros morfológicos das células de Leydig de camundongos adultos, suíços outbred, tratados com uma injeção subcutânea diária de 100 µg de melatonina (5-metoxi-N-acetil-triptamina, durante 22 dias consecutivos, comparando-os com animais sham-controle que receberam apenas o veículo da melatonina. Os animais tratados com melatonina mostraram diminuição do volume nuclear, da fração volumétrica do núcleo, do retículo endoplasmático liso e rugoso, das mitocôndrias e do complexo de Golgi. Nos mesmos animais ocorreu, também, aumento do volume do citoplasma e da fração volumétrica do citoplasma e dos lisossomos. Esses resultados sugerem que a melatonina pode alterar, direta ou indiretamente, a ultra-estrutura das células de Leydig do

  19. Avaliação toxicológica e reprodutiva de camundongos machos adultos tratados com femproporex - DOI: 10.4025/actascihealthsci.1089 Fenproporex treatment in male mice: behavior and toxicology reproductive analysis - DOI: 10.4025/actascihealthsci.1089

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Estefânia Gastaldello Moreira

    2008-03-01

    Full Text Available O femproporex é utilizado no mundo todo como potente anorexígeno. Este estudo visa esclarecer se o uso diário de femproporex provoca toxicidade comportamental e/ou reprodutiva em camundongos machos adultos. Para tanto, foram utilizados 40 camundongos, divididos em quatro grupos experimentais, cada um contendo dez animais. Um dos grupos recebeu, via gavage, apenas água, e os outros foram tratados diariamente com femproporex, nas doses de 7,5, 15 e 30 mg kg-1, por um período de 40 dias. Como resultados, verificou-se que o femproporex não alterou a evolução normal da massa dos animais analisados, e concluiu-se que a utilização da droga não promoveu toxicidade comportamental, verificada nos testes de natação forçada e de campo aberto; e reprodutiva, quando verificados genotoxicidade, síntese de testosterona, morfologia de espermatozóides e histologia testicular. Assim sendo, concluiu-se que o femproporex, na concentração e delineamentos experimentais propostos por este trabalho, não apresentou potencial toxicológicoFenproporex is used worldwide as a powerful anorectic drug. This study was designed to evaluate whether daily intake of fenproporex would lead to behavioral and/or reproductive toxicity in adult male mice. Fourty male mice were used, divided into 4 groups of 10 animals each. The control group received only water by gavage, whereas the experimental groups were treated daily with fenproporex in the doses of 7.5, 15 and 30 mg kg-1, for a period of 40 days. The results demonstrated that fenproporex did not alter the normal evolution of the animals’ body mass; it also showed that the use of the drug did not promote behavioral toxicity (open-field and forced-swimming tests or reproductive toxicity (genotoxicity, changes in the morphology of spermatozoa and testicular histology. Thus, the present results indicate that fenproporex, in the evaluated dose and experimental conditions, does not present behavioral and

  20. A novel model of distal colon cancer in athymic mice Novo modelo de câncer de cólon distal em camundongos atímicos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Denise Gonçalves Priolli

    2012-06-01

    Full Text Available PURPOSE: The present a novel adenocarcinoma model in athymic mice. METHODS: Seven athymic mice were used. Colon diversion and distal fistula were made. Adenocarcinoma cells were inoculated in the submucosa of fistula. Tumor growth was monitored daily. Scintigraphy with 99mTc-MIBI was performed to identify the tumor. RESULTS: The model of distal colon cancer is feasible. Tumor detection was possible by both, macroscopically and molecular imaging. All resections demonstrated poorly differentiated tumors. Colon obstruction occurred in one case, similarly to evolution in human tumors of distal colon. CONCLUSION: The proposed model of distal colon cancer is feasible, allows for easy monitoring of tumoral growth by both, macroscopically and molecular imaging, and is suitable for studying the evolution of tumor with implementation of cytotoxic therapy in vivo.OBJETIVO: Apresentar novo modelo de adenocarcinoma distal em camundongos atímicos. MÉTODOS: Foram utilizados sete camundongos atímicos. Desvio do cólon distal e fístula foram feitas. Células de adenocarcinoma foram inoculadas na submucosa da fístula. O crescimento do tumor foi monitorado diariamente. Cintilografia com 99mTc-MIBI foi realizada para identificar o tumor. RESULTADOS: O modelo de câncer de cólon distal é viável. Detecção do tumor foi possível macroscopicamente e por imagem molecular. Todas as ressecções demonstraram tumores pouco diferenciados. Obstrução do cólon ocorreu em um caso, de forma semelhante à evolução em tumores humanos do cólon distal. CONCLUSÃO: O modelo de câncer do cólon distal proposto é viável, permite a monitorização fácil do crescimento tumoral macroscopicamente e por imagem molecular, sendo adequado para o estudo da evolução de tumor com aplicação de terapia citotóxica in vivo.

  1. Efeitos da intoxicação crônica com o etanol na evolução da Tripanosomíase cruzi experimental no camundongo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nildete das Graças Lima Gomes

    1989-12-01

    Full Text Available Dois experimentos foram realizados para estudar o efeito da intoxicação crônica com o etanol (solução a 7% como única fonte de líquido sobre a evolução da infecção pelo T. cruzi em camundongos: (1 animais após 60 dias de infecção com cepa miotrópica do T. cruzi foram submetidos à intoxicação crônica com o etanol durante 6 meses; (2 animais cronicamente intoxicados com etanol durante 5 meses foram infectados com a mesma cepa do T. cruzi e, continuando a ingestão do etanol, foram acompanhados até 45 dias após a infecção. Os animais infectados e tratados com etanol apresentaram, em relação aos que não ingeriram álcool etílico: (a mortalidade semelhante nos dois experimentos; (b parasitemia mais alta na fase aguda e parasitemia patente mais freqüente na fase crônica; (b miocardite com exsudato inflamatório menos intenso e fibrose miocárdica mais extensa na fase crônica; (c no músculo esquelético, miosite menos intensa e arterite com trombose hialina menos freqüente.

  2. Caracterização morfológica e funcional de células aderentes de baço de camundongo Morphological and functional characterization of adherent splenic cells of mice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elizabeth Pereira Sampaio

    1985-06-01

    Full Text Available A separação, caracterização e ensaio funcional das células inflamatórias presentes no local de lesão têm se tornado imperiosos no estudo de diversas doenças. Através da utilização de métodos histoquímicos para esterase e fosfatase ácida, bem como do Teste de Fagocitose e da coloração pelo Giemsa, realizados nas células esplénicas de dez camundongos, foi possível se caracterizar bem os componentes do Sistema Fagocítico Mononuclear e distinguir os outros tipos de células presentes, além de permitir a quantificação diferencial das mesmas.The separation, characterization and functional assay of the inflammatory infiltrate present in the site of the lesion has been useful in the study of many diseases. Histochemical techniques for esterase and acid phosphatase, as well as the Phagocytose test and the Giemsa staining were applied to the study of the spleen-cell population of ten mice. A good characterization of the components of the Phagocytic Mononuclear System and the identification and quantification of the total cell population were obtained.

  3. Induced immune response of Escherichia coli BL21 expressing recombinant MSP1a and MSP1b proteins of Anaplasma marginale

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Katia Tamekuni

    2009-11-01

    Full Text Available This work aims to evaluate the potential of immunization with E. coli BL21 expressing the recombinant rMSP1a and rMSP1b proteins of Anaplasma marginale. E. coli BL21 was transformed with recombinant plasmids pET102/msp1α and pET101/msp1β, and rMSP1a and rMSP1b were expressed after induction by IPTG. BALB/c mice were vaccinated with formolized BL21/rMSP1a and BL21/rMSP1b, and the production in mice sera of whole IgG was determined by ELISA. The mice immunized with BL21/rMSP1a showed a better humoral response for whole IgG when compared to the mice immunized with BL21/rMSP1b; these mice exhibited a small response after the second vaccination. Sera of mice immunized with BL21/rMSP1a reacted via western blot with BL21 and rMSP1a, with molecular masses varying from 70 to 105 kDa. Sera of mice immunized with BL21/rMSP1b reacted with BL21 and rMSP1b with a molecular mass of 100 kDa. These results demonstrate that BL21 containing rMSP1a and rMSP1b in the outer membrane were able to produce an immune response in mice, reinforcing its use in vaccine models against bovine anaplasmosis.Esse trabalho avaliou o potencial de imunização de Escherichia coli BL21 expressando as proteínas recombinantes rMSP1a e rMSP1b de Anaplasma marginale. A E. coli BL21 foi transformada com os plasmídios recombinantes pET102/msp1α e pET101/msp1β e as proteínas rMSP1a e rMSP1b foram expressas após indução com IPTG. Camundongos BALB/c foram vacinados com BL21/rMSP1a e BL21/rMSP1b formolisadas, e a produção de IgG total foi determinada pelo teste de ELISA nos soros dos camundongos imunizados. Os camundongos imunizados com a BL21/rMSP1a mostraram uma melhor resposta humoral para IgG total, comparada à resposta apresentada pelos camundongos imunizados com BL21/rMSP1b; estes camundongos exibiram uma menor resposta após a segunda vacinação. Soros de camundongos imunizados BL21/rMSP1a reagiram pelo western blot com BL21 e rMSP1a, com massa molecular variando de 70 a

  4. Grape extract and α-Tocopherol effect in cardiovascular disease model of Apo E -/- Mice Efeito do extrato de uva e α-Tocoferol em camundongos Apo E -/-, modelo de doença cardiovascular

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria do Carmo Gouveia Peluzio

    2011-08-01

    Full Text Available PURPOSE: To verify the effect of consumption of grape extract isolated or combined with α-tocopherol supplementation on atherosclerosis model with Apo E -/- mice. METHODS: After six weeks of atherogenic diet, Apo E -/- mice were divided into the following groups: Control, Grape, Tocopherol and Grape plus Tocopherol. The treatment progressed for 11 weeks when animals were submitted to euthanasia. RESULTS: All the treatments presented hypocholesterolemic effect with reduction of serum and liver cholesterol levels. This effect was parallel to an increase in the fecal excretion of cholesterol. There was also a higher fecal excretion of saturated fatty acids in groups receiving grape extract or α-tocopherol. All the groups treated presented a tendency to show higher levels of vitamin E. The fatty acid profile showed a tendency for monounsaturated fatty acid preservation after grape extract and α-tocopherol consumption. Morphological analysis revealed a lower degree of evolution of the atherosclerotic plaque of the animals that were fed α-tocopherol combined with grape extract, even when no difference was found in the size of the largest lesion. CONCLUSION: A synergistic effect between the polyphenols and α-tocopherol was observed, resulting in diminished evolution of atherosclerosis and a greater beneficial effect on atherosclerosis than the isolated consumption of antioxidants.OBJETIVO: Verificar o efeito do consumo de extrato de uva isolada ou combinada com a suplementação de α-tocoferol em modelo de aterosclerose, utilizando camundongos Apo E -/-. MÉTODOS: Os camundongos Apo E -/- foram tratados com dieta aterogênica por seis semanas e foram divididos em quatro grupos: Controle, Uva, Tocoferol e Uva e Tocoferol. Após 11 semanas de tratamento os animais foram submetidos à eutanasia. RESULTADOS: Todos os tratamentos apresentaram efeito hipocolesterolêmico, com redução de colesterol plasmático e hepático. Este efeito foi acompanhado

  5. Comportamento das cepas Y e Peruana do Trypanosoma cruzi no camundongo, após passagem em diferentes meios Behavior of the Y and Peruvian strains of Trypanasoma cruzi in mice, ofter passage through different media

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juracy B. Magalhães

    1985-03-01

    Full Text Available Com o objetivo de verificar se o comportamento morfobiológico e histopalógico de cerpa do Trypanosoma cruzi é mantido após modificações no seu meio de manutenção e multiplicação, foram estudados oito grupos de infecção experimental em camundongos com as cepas Y e Peruana, após manutenção nas seguintes condições cultura acelular em meio de Warren, criopreservação em Nitrogênio líquido durante trinta dias, passagem em triatomíneos e passagem em camundongos. Os parâmetros avaliados foram: parasitemia, mortalidade, sobrevida, morfologiaq dos parasitos no sangue periférico, tropismo tíssular e lesões histopatológicoas. Tanto com a cepa Y como Peruana, cada grupo experimental foi dividido em dois subgrupos de acordo com a dose de inóculo, sendo um inoculado com 10.000 e outro com 50.000 formas tripomastigotas, menos o inoculado com formas de triatomíneos em que o inóculo foi apenas com 10.000 tripomastigotas. Observou-se na infecção pela cepa Y, retardo na evolução da parasitemia nos inoculados com formas de cultura e atenuação de virulência com o inóculo de 10.000 formas. Os caracteres básicos da cepa foram mantidos com predominância de macrofagotropismo na fase inicial da infecção e miotropismo nas fases tardias,predominância de forma delgadas e elevada patogenicidade, com 100% de mortalidade embora com variação nos periodos de sobrevida. Na infecção pela cepa Peruana observou-se também retardo da evolução da parasitemia com o inóculo de 10.000 formas provenientes de triatomíneos, de cultura e de criopreservação. Entretanto, as características morfológicas, o tropismo tissular e a patogenicidade foram mantidos.The behavior of two strains of Trypanosoma cruzi (Y and Peruvian strains in experimental mouse infection, after being passed through different conditions of maintainance and cultivation was studied. The conditions were: Warren's acellular culture medium, cryopreservation in liquid

  6. A resposta oxidativa em corações de camundongos é modulada por background genético The oxidative response of mouse hearts is modulated by genetic background

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marco Aurélio Santos-Silva

    2013-02-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: o tabagismo apresenta importante papel sobre as doenças cardiovasculares, entretanto permanecem pouco compreendidos os motivos pelos quais alguns seres humanos as desenvolvem e outros não. OBJETIVO: nosso objetivo foi analisar o perfil redox do coração de diferentes linhagens de camundongos após exposição à fumaça de cigarro. MÉTODOS: camundongos machos suíços (n = 10, C3H (n = 10, BALB/c (n = 10 e C57BL/6 (n = 10 foram expostos à fumaça de cigarro (12 cigarros/dia, enquanto os respectivos controles (n = 10 ao ar ambiente por 60 dias. Após sacrifício, o coração foi retirado para análises bioquímicas. RESULTADOS: embora o conteúdo de malondialdeído não tenha aumentado em nenhum grupo, a atividade da catalase diminuiu no grupo suíço (p BACKGROUND: Smoking plays an important role in cardiovascular diseases. However, the reasons why some individuals develop those diseases and others do not remain to be explained. OBJECTIVE: This study aimed at assessing the redox profile of the heart of different mouse strains after exposure to cigarette smoke. METHODS: Male mice of the Swiss (n = 10, C3H (n = 10, BALB/c (n = 10 and C57BL/6 (n = 10 strains were exposed to cigarette smoke (12 cigarettes/day, while their respective controls (n = 10 were exposed to ambient air for 60 days. After being euthanized, their heart was removed for biochemical analyses. RESULTS: Although the malondialdehyde content did not increase in any of the groups, catalase activity decreased in the Swiss (p < 0.05 and BALB/c (p < 0.05 strain mice as compared with their respective control groups, while myeloperoxidase decreased in the C3H (p < 0.05 and C57BL/6 (p < 0.001 strain mice as compared with their respective control groups. The reduced glutathione content decreased in the Swiss, C3H, C57BL/6 (p < 0.05 and BALB/c (p < 0,001 strain mice as compared with their respective control groups. Regarding reduced glutathione content, an increase was

  7. Perfil de proteases de lesões cutâneas experimentais em camundongos tratadas com a lectina isolada das sementes de Canavalia brasiliensis Proteases profile of skin wounds treated with lectin from Canavalia brasiliensis seeds

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flávio de Oliveira Silva

    2009-09-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi determinar o perfil de proteases em lesões cutâneas experimentais tratadas com a lectina isolada das sementes da Canavalia brasiliensis (ConBr livre e conjugada com o seu açúcar específico. Lesões cirúrgicas foram produzidas assepticamente na região dorsal de camundongos (n=120, divididos de acordo com o tratamento empregado: Grupo NaCl (NaCl 150mM, Grupo manose (manose 100mM, Grupo ConBr (ConBr 100µg mL-1 e Grupo ConBr/manose (solução contendo ConBr 100µg mL-1 preparada em manose 100mM. Amostras da área lesada foram coletadas para determinação do perfil de proteases e atividade colagenolítica no 2°, no 7° e no 12° dia de pós-operatório. O perfil das proteínas realizado através de eletroforese SDS-PAGE demonstrou a presença de proteínas com massa molecular de 67kDa em todos os grupos. O Grupo ConBr/manose apresentou a maior atividade colagenolítica no 12° dia de pós-operatório. A lectina isolada das sementes da Canavalia brasiliensis influenciou a expressão de proteases com atividade colagenolítica podendo assim interferir no processo cicatricial das lesões cutâneas em camundongos.The objective of the present study was determining the proteases profile of cutaneous healings treated with free and conjugated lectin of Canavalia brasiliensis (ConBr and their specific sugar. An aseptic wound was produced in the thoracic area of the mice (n=120, divided according to the employed treatment: NaCl Group (150mM NaCl, manose Group (100mM manose, ConBr Group (100µg mL-1 ConBr and ConBr/manose Group (solution containing 100µg mL-1 ConBr prepared in 100mM manose. Samples of the injured area were collected for determination of proteases profile and collagenolytic activity on 2nd, 7th e 12th days after the surgery. Electrophoresis SDS-PAGE demonstrated proteins with molecular mass of 67kDa in all groups. Group IV presented the highest collagenolytic activity on the 12th day post surgery. Con

  8. Sacarose como veículo de suplementação dietética de ácido fólico em camundongos prenhes Saccharose as a vehicle for the supplementation of folic acid in pregnant mice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giovanna Arcaro de Lima

    2009-02-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A ingestão adequada de folato é essencial durante a embriogênese, e sua deficiência está associada à ocorrência de defeitos no fechamento do tubo neural. OBJETIVO: Determinar se a sacarose é um bom veículo para a suplementação de folato em camundongos. MATERIAL E MÉTODOS: Quarenta camundongos Swiss fêmeas foram divididos nos grupos: C: ração comercial + água ad libitum; DS: ração balanceada isenta de folato + folato adicionado à sacarose diluída na água por 14 dias; D/DS: ração balanceada isenta de folato + água com sacarose sem folato por 14 dias seguida de ração balanceada isenta de folato + folato adicionado à sacarose diluída na água por mais 14 dias; D: ração balanceada isenta de folato + água com sacarose sem folato por 14 dias. Os animais de todos os grupos experimentais receberam ração balanceada isenta de folato + folato adicionado à sacarose diluída na água durante os três dias do acasalamento e nos 15 dias restantes até o sacrifício. RESULTADOS: Os animais dos grupos D e D/DS apresentaram alopecia, palidez ocular e adinamia enquanto consumiam água com sacarose sem folato, sinais que foram revertidos quando receberam folato adicionado à sacarose diluída na água. Não houve diferença entre os grupos em relação a prenhez, implantes, fetos vivos, reabsorção, morte fetal tardia, nível sérico de folato e contagem de hemácias ao final do experimento, não tendo sido observadas anomalias congênitas em nenhum dos grupos. CONCLUSÃO: A sacarose é um meio adequado para a suplementação de folato na dieta.Adequate folate intake is essential during embryogenesis and its deficiency is associated with neural tube defects. OBJECTIVE: To investigate if saccharose is a good vehicle for the supplementation of folate in mice. MATERIAL AND METHODS: 40 Swiss female mice were allocated into the following groups: C (commercial mouse food + ad libitum water; DS (folate-free balanced diet

  9. Evaluation of oxidative stress in mice subjected to aerobic exercise Avaliação do estresse oxidativo em camundongos submetidos ao exercício físico aeróbico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mônica Cruvinel de Lima

    2012-08-01

    Full Text Available PURPOSE: To evaluate the influence of aerobic exercise on oxidative stress in mice. METHODS: The study included twenty female mice Mus musculus-Swiss divided into two groups: sedentary control (GA and exercise (GB, each containing ten animals. All animals underwent an adaptation period of seven days isolated in individual boxes. After this period, the animals in the exercise group (GB were trained in angled running wheel with circumference of 25 cm assembled on an articulated axle during five minutes for three consecutive days. On the fourth day, they underwent an exercise program of one session lasting 45 minutes. The evaluation of oxidative stress was performed by determining the levels of malondialhyde derived of lipid peroxidation by the TBA method. The samples were read in a spectrophotometer at 535 nm. RESULTS: No significant difference was observed in the intergroup comparison of MDA levels in the tissues evaluated. A significant difference was observed in the intragroup comparison of MDA levels in the control group (p = 0.0201.The Tukeys' post hoc test indicated significantly lower values of MDA in the smooth muscle in relation to plasma. In the analysis of variance in the exercise group, a significant difference between tissues (p = 0.0009, with significantly lower values in the smooth muscle in relation to plasma (pOBJETIVO: Avaliar a influência do exercício físico aeróbico sobre o estresse oxidativo em camundongos. MÉTODOS: Participaram do estudo 20 camundongos (Swiss, distribuídos em dois grupos: controle-sedentário (GA e exercício (GB cada um contendo dez animais. Todos os animais passaram por um período de adaptação de sete dias. Após os animais do grupo (GB receberam treinamento em roda giratória angulada montada sobre eixo articulado por cinco minutos durante três dias consecutivos. No quarto dia foram submetidos à única sessão de exercício por 45 minutos. A avaliação do estresse oxidativo foi realizada por

  10. Avaliação do cetoconazol em camundongos inoculados com Paracoccidioides brasiliensis pela histopatologia de fígado e baço e pela intradermorreação de paracoccidioidina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria do Rosário Rodrigues Silva

    1994-03-01

    Full Text Available Camundongos machos albinos, foram inoculados por via intravenosa com 0,5xl07 células leveduriform.es viáveis de Paracoccidioides brasiliensis da amostra rotulada como Pb 2052 e tratados diariamente com cetoconazol nas dosagens de 50 e 100mg/kg durante 50 dias e em seguida sacrificados. Observou-se o número de parasitas .formação de granulomas no fígado e baço e reação de hipersensibilidade retardada usando-se antígeno de P. brasiliensís preparada segundo Fava Neto, inoculado na pata direita do animal. Verificou-se que: 1. cetoconazol diminuiu acentuadamente o número de parasitas encontrados no fígado e baço; 2. não havia diferença entre o número de granulomas formados no baço e fígado de animais tratados e não tratados; 3. a intensidade dos testes cutâneos tardios foram similares em todos os animais.Male albino mice were inoculated intravenously with0,5 x IO7viabley eastforms of P. brasiliensis (strain 2052, These animals were treated with two doses of ketoconazole (50and 100mg/kg during fifty days and the sacrificed. VSe studied the presence of P. brasiliensis, the inflammatory granulomatous response of liver and spleen and the anti P. brasiliensis delayed hypersensitivity response measured by the footpad test after 48 hours. It was observed that: 1. animals infected and treated with ketoconazole showed reduction in the number of fungi in the organs studied; 2. there was no difference in the number of granulomas among animals treated and non-treated; 3. the cutaneous delayed tests intensity was similar in all animals.

  11. Caracterização da imunogenicidade das proteínas recombinantes Virb9, Virb10 e fator termo instável de Elongação de Peptídeos de Anaplasma marginale em camundongos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Beatriz Canevari Castelão

    2012-10-01

    Full Text Available Considerando as limitações dos atuais métodos de controle contra a anaplasmose bovina, o desenvolvimento de uma vacina efetiva se faz necessário. A partir do advento da análise genômica e proteômica, novas proteínas de membrana de Anaplasma marginale foram identificadas como possíveis candidatas a componentes de uma vacina, tais como, VirB9,VirB10 e Fator Termo Instavél de Elongação de Peptídeos (EF-Tu. Embora estas proteínas ainda não estejam bem caracterizadas na membrana de A. marginale, a produção destas na forma recombinante (rVirB 9, rVirB10 e rEF-Tutem sido realizada, mas as mesmas ainda não foram exploradas em formulações vacinais. Neste trabalho, avaliou-se ouso de rVirB9, rVirB10 e rEF-Tu emulsionadas em adjuvante Montanide em camundongos. Nas condições testadas, verificou-se a indução de forte resposta imune humoral com a produção de IgG1 e IgG2a, sendo que as proporções dos níveis de produção destas subclasses indicam predomínio de IgG1. Entretanto, esplenócitos de animais, que foram injetados com rVirB9 ou rVirB10, produziram interferon-gama acima do limite de detecção do ensaio após estimulação in vitro, sinalizando assim resposta celular específica. Assim, novas avaliações serão realizadas com a finalidade de modular o perfil de resposta imune obtido em bovinos e avaliar a proteção contra A. marginale.

  12. Basofilia e anisotropia nucleares em células de camundongo após tratamento com oxamniquine Nuclear basophilia and anisotropy in cells of mice treated with oxamniquine

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ivanira José Bechara

    1984-02-01

    Full Text Available Com o objetivo de se estudar a ação da oxamniquine, uma droga utilizada no tratamento da esquistossomose, sobre a cromatina de núcleos de células animais, foram estudados os padrões de basofilia e anisotropia nucleares em hepatócitos, em células do músculo cardíaco e em linfócitos de camundongos adultos jovens. A oxamniquine foi administrada por via oral (436 mg/kg e preparados foram obtidos após diversos tempos de fornecimento da droga aos animais. Nos núcleos corados com azul de toluidina a pH 4,0, após digestão com RNAse, não se encontrou diferença quanto aos padrões de basofilia e anisotropia comparando-se animais tratados com controles. Demonstrou se assim que as moléculas de oxamniquine não se alojam no interior da dupla hélice do DNA, não alteram a sua conformação helicoidal nem se ligam aos grupos fosfatos livres desta macromolécula, diferindo, portanto, da atuação de outro esquistossomicida, o hycanthone.With the aim of evaluating the effect of oxamniquine, a drug used in the clinical trials of schistosomiasis mansoni, on chromatin of animal cell nuclei, the patterns of nuclear basophilia and anisotropy were determined for hepatocytes, cardiac miocytes, and lymphocytes of young adult mice. The animals received the oxamniquine orally in a single dose of 436 mg/kg. Cell preparations were obtained at various times after the administration of the drug. The nuclei were subjected to RNAse digestion and stained with a toluidine blue solution at pH 4.0. No difference was found when comparing the patterns of nuclear basophilia and anisotropy of treated animals with those of untreated controls. It was demonstrated that the oxamniquine molecules do not penetrate the interior of the DNA double helix, neither do they alter the helical conformation of this nucleic acid. Furthermore, the oxamniquine molecules do not attach themselves to the free phosphate groups of the DNA. Therefore, this drug does not affect the DNA of the

  13. A thioacetamide-induced hepatic encephalopathy model in C57BL/6 mice: a behavioral and neurochemical study Modelo de encefalopatia hepática induzida por tioacetamida em camundongos C57BL/6: estudo comportamental e neuroquímico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Silva de Miranda

    2010-08-01

    Full Text Available OBJECTIVE: Hepatic encephalopathy (HE is a neuropsychiatric syndrome resulting from liver failure. In the present study, we aimed to standardize an animal model of HE induced by thioacetamide (TAA in C57BL/6 mice evaluating behavioral symptoms in association with liver damage and alterations in neurotransmitter release. METHOD: HE was induced by an intraperitoneal single dose of TAA (200 mg/kg, 600 mg/kg or 1,200 mg/kg. Behavioral symptoms were evaluated using the SHIRPA battery. Liver damage was confirmed by histopathological analysis. The glutamate release was measured using fluorimetric assay. RESULTS: The neuropsychiatric state, motor behavior and reflex and sensory functions were significantly altered in the group receiving 600 mg/kg of TAA. Biochemical analysis revealed an increase in the glutamate release in the cerebral cortex of HE mice. CONCLUSION: HE induced by 600mg/kg TAA injection in C57BL/6 mice seems to be a suitable model to investigate the pathogenesis and clinical disorders of HE.OBJETIVO: A encefalopatia hepática (EH é uma síndrome neuropsiquiátrica resultante da falência hepática. O objetivo do presente estudo foi estabelecer um modelo de EH induzida por tioacetamida (TAA em camundongos C57BL/6 avaliando transtornos comportamentais, falência hepática e alterações na liberação de neurotransmissores. MÉTODO: A EH foi induzida por meio de uma única dose intraperitoneal de TAA (200 mg/kg, 600 mg/kg, 1.200 mg/kg. As alterações comportamentais foram avaliadas utilizando a bateria SHIRPA. A falência hepática foi confirmada através de análises histopatológicas e a liberação de glutamato medida, por ensaio fluorimétrico. RESULTADOS: Foram encontradas alterações significativas no estado neuropsiquiátrico, comportamento motor e função reflexa e sensorial no grupo que recebeu 600 mg/kg de TAA. Análises bioquímicas revelaram aumento na liberação de glutamato no córtex cerebral dos camundongos com EH

  14. Estudo imunohistoquímico do remodelamento pulmonar em camundongos expostos à fumaça de cigarro Immunohistochemical study of lung remodeling in mice exposed to cigarette smoke

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Samuel Santos Valença

    2008-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Muitos estudos sobre enfisema são realizados com exposição de animais à fumaça de cigarro durante um longo tempo, focando o tipo de célula envolvida no desequilíbrio protease/antiprotease e a degradação da matriz extracelular. A expressão aumentada de metaloproteinases no enfisema está associado com citocinas e evidências sugerem um papel importante da metaloproteinase de matriz-12 (MMP-12. Nosso objetivo foi estudar a detecção de inibidor tissular de metaloproteinase-2 (TIMP-2, fator de necrose tumoral alfa (TNF-α e interleucina-6 (IL-6 por métodos imunohistoquímicos no pulmão de camundongos. MÉTODOS: Camundongos C57BL/6 machos foram expostos 3 vezes ao dia a fumaça de 3 cigarros por um período de 10, 20, 30 ou 60 dias através de uma câmara de inalação (grupos CS10, CS20, CS30 e CS60, respectivamente. O grupo controle foi exposto às mesmas condições ao ar ambiente. RESULTADOS: Nós observamos um aumento progressivo de macrófagos alveolares no lavado broncoalveolar dos grupos expostos. O diâmetro alveolar médio, um indicador de destruição alveolar, aumentou em todos os grupos expostos quando comparado ao grupo controle. O índice imunohistoquímico (II para MMP-12 aumentou nos grupos CS10, CS20 e CS30 em paralelo a uma redução do II para TIMP-2 nos grupos CS10, CS20 e CS30. O II para as citocinas TNF-α e IL-6 aumentou em todos os grupos expostos quando comparado ao grupo controle. Enfisema foi observado no grupo CS60, com alterações na densidade de volume de fibras colágenas e elásticas. CONCLUSÕES: Estes achados sugerem que a fumaça de cigarro induz enfisema com uma participação importante do TNF-α e da IL-6 sem a participação de neutrófilos.OBJECTIVE: Various studies of emphysema involve long-term exposure of animals to cigarette smoke, focusing on the cell type involved in the protease/antiprotease imbalance and on extracellular matrix degradation. In emphysema, increased expression of

  15. Efeito do miriadenolídeo isolado de Alomia myriadenia (Asteraceae sobre o tumor de Erlich ascítico no camundongo Effect of myriadenolide isolated from Alomia myriadenia (Asteraceae on Ehrlich tumor in its ascitic form

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    D. Verçosa Júnior

    2006-10-01

    Full Text Available Estudou-se atividade antineoplásica de um produto natural isolado de Alomia myriadenia (miriadenolídeo no modelo do tumor de Ehrlich em camundongos. Dezoito fêmeas de camundongo Swiss foram inoculadas com 2x10(7 células viáveis de tumor de Ehrlich via intraperitoneal (0,3ml e posteriormente distribuídas aleatoriamente em três grupos que receberam: grupo I (controle - 0,3ml de solução de Hanks; grupo II - 31µg/kg de miriadenolídeo; e grupo III - 139µg/kg de miriadenolídeo. No oitavo dia de experimento, foram realizados exames hematológicos e perfil protéico sérico eletroforético. Coletou-se todo o líquido ascítico para avaliação do volume, aparência, pH, contagem de células viáveis e inviáveis, realização de esfregaços para contagem de células claras e escuras, leucócitos e avaliação das regiões organizadoras de nucléolos argentafins (AgNORs. Foram realizados exames macro e microscópicos do baço, fígado e rins e aspirado o conteúdo da medula óssea dos fêmures direito e esquerdo de cada animal para avaliação da relação mielóide:eritróide. Não houve diferença significativa no volume, pH, contagem de células viáveis e inviáveis entre os três grupos estudados, observando-se valores de 17,6 x 10(4 células tumorais viáveis no grupo III, 27,7 x 10(4 no grupo II e 21,1 x 10(4 no grupo I. As AgNORs apresentaram-se pequenas, com distribuição difusa e incontáveis no grupo I, e em menor quantidade no grupo III. Os animais do grupo III apresentaram a menor concentração protéica total sérica (4,7g/dl (PAntitumoral activity of a natural product of Alomia myriadenia (myriadenolide in Ehrlich tumor in mice was studied. Eighteen Swiss female mice were intra-peritoneal inoculated 2x10(7 viable cells of Ehrlich Tumor (0.3ml and randomly distributed in three groups receiving via intra-peritoneal on the 3rd and 5th day post-inoculation the following treatments: group I (control - 0.3ml Hanks solution; group

  16. Effects of taurine supplementation and swimming, associated or not, on obesity and glucose homeostasis in mice = Efeito da suplementação com taurina e da natação, associadas ou não, sobre a obesidade e homeostase glicêmica em camundongos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Iris Cheng

    2012-10-01

    Full Text Available . Studies show that physical exercise (PE is associated with a reduced fat accumulation and increased insulin sensitivity, and taurine (TAU improves glucose homeostasis in lean rodents. The aim in this work was evaluate the effects of supplementing TAU and practice of PE, associated or not, on obesity and glucose homeostasis on obese MSG-mice. Neonate male Swiss mice received injections of monosodium glutamate (MSG group or saline (CON group. From the 30th to the 90th day of life, one group of animals received TAU in drinking water (MSG TAU group, another was subjected to PE (MSG PE group and a third group underwent both procedures (MSG PE TAU group. Mice treated with MSG become obese, hypertriglyceridemic, glucose intolerant and insulin resistant. The supplementation with TAU and the PE, isolated or associated, reduced the triglycerides (38%, glucose intolerance (around 30% and KITT (79% in MSG-obese animals, but did not influence the accumulation of fat. Interestingly, the combination of both strategies significantly reduced the insulin resistance, compared to animals subjected to isolated strategies. In conclusion, the supplementation with TAU and PE, isolated or associated, did not influence the accumulation of fat in MSG-obese mice, however, reduce the triglycerides and insulin resistance. O exercício físico (EF está associado à redução do acúmulo de gordura e aumento na sensibilidade à insulina e a taurina (TAU melhora a homeostase glicêmica em roedores magros. Objetivou-se avaliar os efeitos da suplementação com TAU e do EF, associados ou não, sobre a obesidade e a homeostase glicêmica em camundongos obesos-MSG. Camundongos Swiss machos neonatos receberam injeções de glutamato monossódico (grupo MSG ou salina (grupo CON. Do 30º ao 90º dia de vida, um grupo de animais MSG recebeu TAU na água de beber (MSG TAU; outro foi submetido ao EF (MSG EX e um terceiro grupo foi submetido aos dois procedimentos (MSG EX TAU

  17. Inibição da expressão de ciclooxigenase 2 em feridas cutâneas de camundongos NOD submetidos à terapia a laser de baixa intensidade Inhibition of cyclooxygenase 2 expression in NOD mice cutaneous wound by low-level laser therapy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina de Lourdes Julião Vieira Rocha

    2012-09-01

    Full Text Available CONTEXTO: A terapia a laser de baixa intensidade (LLLT tem sido relatada como importante moduladora da cicatrização de feridas cutâneas aumentando a proliferação fibroblástica associada ao aumento da expressão da citocina fator transformador de crescimento- β2 (TGF-βB2. OBJETIVO: No presente estudo foram avaliados os efeitos da LLLT sobre a expressão da enzima ciclooxigenase 2 (COX2 no sítio do reparo tecidual utilizando o modelo experimental com camundongos diabéticos não obesos (NOD para estudar a cicatrização de feridas cutâneas. MÉTODOS: Foram utilizados 30 camundongos NOD, destes 14 ficaram diabéticos e foram divididos em dois grupos: o grupo I (n=7 foi submetido a um procedimento cirúrgico de feridas cutâneas e o grupo II (n=7 foi submetido a um procedimento cirúrgico de feridas cutâneas e tratados com LLLT. O grupo II foi submetido à LLLT nos seguintes parâmetros: 15 mW de potência, dose de 3,8 J/cm² e tempo de aplicação de 20 segundos. Após sete dias do ato cirúrgico e após aplicação do laser, os animais foram eutanasiados com sobredose de anestesia e amostras das feridas foram colhidas para posterior análise histopatológica, histomorfométrica e imuno-histoquímica. RESULTADOS: A LLLT promoveu a inibição da expressão da COX2 em feridas cutâneas de camundongos diabéticos. CONCLUSÃO: Em conjunto, os resultados sugeriram que a LLLT é capaz de modular negativamente a expressão da enzima COX2 contribuindo para o controle da resposta inflamatória em feridas cutâneas de camundongos NOD.BACKGROUND: Low-level laser therapy (LLLT has been reported to modulate the healing of wounds by inducing an increase in fibroblast number associated with increased expression of the cytokine transforming growth factor-β2 (TGF-β2. OBJECTIVE: In the present study, the effect of LLLT on expression of COX2 at the site of tissue repair was evaluated, using an experimental model with non obese diabetic mice (NOD to study

  18. Redução do peso e da glicemia resultante da suplementação de ácido linoleico conjugado e fitosteróis à dieta hiperlipídica de camundongos Weight and blood glucose reduction resulting from conjugated linoleic acid and phytosterols supplementation on hiperlipidic diets of mice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anne y Castro Marques

    2012-02-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi avaliar as possíveis alterações causadas pela ingestão de ácido linoleico conjugado (CLA e de fitosteróis no ganho de peso, na glicemia e no perfil lipídico de camundongos alimentados com dieta hiperlipídica. Durante nove semanas, vinte e cinco camundongos Swiss machos receberam dietas hiperlipídicas suplementadas com CLA e/ou fitosteróis, na concentração de 2%. Foram aferidos consumo alimentar, ganho de peso, glicemia em jejum, além dos níveis séricos de colesterol total, triglicérides, HDL colesterol e ácidos graxos livres. O grupo suplementado com CLA e fitosteróis apresentou menor ganho de peso e bom controle glicêmico, quando comparado aos demais grupos. Os resultados encontrados incentivam a continuação de pesquisas que investiguem os efeitos biológicos causados pela suplementação concomitante de CLA e fitosteróis, com possível aplicação na indústria de alimentos.The aim of this study was to evaluate the possible changes caused by conjugated linoleic acid (CLA and phytosterols intake in weight gain, blood glucose levels and lipid profile on mice fed with high fat diet. Twenty-five male Swiss mice received for nine weeks high fat diets supplemented with 2% of CLA and/or phytosterols. Feed intake, weight gain, blood glucose, total cholesterol, triglycerides, HDL cholesterol and free fatty acids were determined. The group supplemented with CLA and phytosterols gained less weight and showed better glycemic control compared to other groups. The results encourage further research to investigate the biological effects caused by supplementation of CLA and phytosterols, with possible application in food industry.

  19. Estudo comparativo da imuno-antigenicidade de 8 amostras de Paracoccidioides brasiliensis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L. M. V. Biagioni

    1986-10-01

    Full Text Available Para se detectar diferenças imuno-antigênicas entre 8 amostras de P. brasiliensis isoladas de diferentes áreas endêmicas (Botucatu: Pb 1, 2 e 3; São Paulo: Pb: 18, 192 e 265; Venezuela: Pb 9 e 73, esutdaram-se: 1. A reatividade antigênica de cada amostra nas reações de imunofluorescência indireta (II e de imunodifusão dupla em gel de agar (ID contra painel de 20 soros controles positivos para paracoccidioidomicose; 2. A capacidade de induzir resposta imune humoral (medida por imunodifusão e celular (medida pelo teste de coxim plantar em camundongos imunizados com an-tígenos de cada amostra. Observamos: 1. As amostras Pb 265 e Pb 9 mostraram-se mais reativas na II; 2. Os antígenos das amostras Pb 192 e Pb 73 foram significativamente mais reativas na ID; 3. Estes dados demonstram diferenças de antigenicidade entre estas amostras; 4. A amostra Pb 18 mostrou baixo poder indutor de resposta imune celular e alta capacidade de indução de resposta imune humoral em camundongos imunizados, revelando dissociação de sua imunogenicidade. Estas diferenças podem indicar a existência de cepas distintas do fungo ou refletir modificações do parasita no hospedeiro ou du rante seu cultivo.

  20. Estudo morfológico no músculo gastrocnêmio de camundongos C57 BL10 submetidos à ingestão prolongada de etanol Study of ultrastructural alterations in gastrocnemius muscle of C57 BL10 mice after prolonged ethanol ingestion

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Batista Guedes e Silva

    1996-06-01

    Full Text Available Os efeitos do alcoolismo crônico no músculo gastrocnêmio de camundongos bem nutridos foram estudados morfologicamente com a finalidade de se avaliar a hipótese de que o etanol exerce um papel tóxico direto sobre o músculo esquelético. Foram usados 30 camundongos C57BL10 machos, adultos jovens, divididos em dois grupos: Grupo A (controle consistindo de 10 camundongos que beberam água e Grupo B (alcoólico de 20 camundongos que beberam etanol a 25%. Todos os animais receberam" uma ração balanceada de laboratório e foram mantidos nesse regime ad libitum nas mesmas condições ambientais durante 48 semanas e pesados uma vez por semana. O consumo diário de dieta e a ingestão calórica foram calculados tendo os animais apresentado substancial ganho de peso, não mostrando qualquer sinal de desnutrição. Ao final do experimento os animais foram sacrificados para estudos morfológicos. Pela microscopia óptica não foram encontradas alterações. Importantes anormalidades foram observadas pela microscopia eletrônica em todos os espécimens.O retículo sarcoplasmático mostrou-se freqüentemente dilatado, resultando na formação de grandes vesículas e envolvendo as cisternas terminais com deslocamento das tríades. Áreas de estreitamento, ruptura e perda de miofibrilas ocorreram assim como zonas de completa desorganização de miofibrilas com perda do padrão estriado normal. As mitocondrias estavam em linhas gerais dentro dos limites da normalidade. Agregados tubulares peculiares vistos comumente na paralisia periódica e outras condições patológicas humanas, foram encontrados tanto no músculo dos camundongos controles como no dos alcoólicos. Os nervos intramusculares assim como as junções neuromusculares mostravam-se normais. Importantes anormalidades nos capilares musculares foram observadas, consistindo de tumefação das células endoteliais e de espessamento da lâmina basal. Difusa infiltração lipídica microvesicular

  1. Óleo de copaíba (Copaifera langsdorfii Desf. em padrões reprodutivos de camundongos e no desenvolvimento embriofetal Copaiba oil (Copaifera langsdorfii Desf. on mouse reproductive patterns and embryonic or fetal development

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.C.S. Lourenço

    2009-01-01

    Full Text Available A utilização de plantas medicinais sempre foi bem difundida, porém hoje se faz necessária uma abordagem científica para comprovar sua eficácia. Este estudo foi realizado para avaliar a possível toxicidade materna e teratogenicidade do óleo de copaíba, um óleo resina exudado do tronco de Copaifera langsdorfii, muito utilizado na medicina natural. Três doses de óleo de copaíba, administradas por gavage durante 5 dias do período gestacional de fêmeas de camundongos, foram testadas 0,3 mL Kg-1, 0,6 mL Kg-1 e 0,9 mL Kg-1 (p.c.. Em relação ao ganho de peso materno, peso dos órgãos, número de fetos vivos e implantes e viabilidade fetal, não houve diferença estatística entre os grupos. Os dados demonstram que este fitoterápico não apresenta toxicidade materna. Com relação às médias de peso e comprimento fetal dos grupos tratados, houve diferença estatística quando comparados ao controle, mas os fetos ainda se encontravam dentro do peso adequado à idade de prenhez. A prole das fêmeas tratadas não apresentou malformações ou alterações externas, viscerais e esqueléticas. Os resultados deste estudo indicam que o óleo de copaíba, nas doses administradas e período estudado, não apresentou toxicidade materna ou causou teratogenicidade na prole das fêmeas tratadas. Portanto, podemos considerar seu uso seguro durante o período gestacional.The use of medicinal plants has always been widely spread, but today a scientific approach is needed to prove their efficiency. The present study was performed to evaluate the possible maternal toxicity and teratogenicity of copaiba oil, a resin oil exudate from the trunk of Copaifera sp., extensively used in natural medicine. Three copaiba oil levels, administered through gavage for 5 days during the gestational period of female mice, were tested: 0.3 mL Kg-1, 0.6 mL Kg-1 and 0.9 mL Kg-1 (b.w.. As regards maternal weight gain, organ weight, live fetus number, implants and fetal

  2. EFFECT OF IMPERMEANT CRYOPROTECTANTS ON THE IN VITRO VIABILITY OF FROZEN SPERMATOZOA OF SWISS-ALBINA AND BALB/C MICE (Mus musculus EFEITO DE CRIOPROTETORES IMPERMEÁVEIS SOBRE A VIABILIDADE IN VITRO DE ESPERMATOZOIDES CONGELADOS DE CAMUNDONGOS (Mus musculus DAS LINHAGENS SWISS-ALBINA e BALB/c

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Sergio Varela Junior

    2009-12-01

    Full Text Available

    The objective of this study was to evaluate the effect of three disaccharides (sucrose, threalose and lactose used as nonpenetrating cryoprotectants in extender for mice semen. The parameters evaluated were sperm motility (MOT and cleavage rate (CLV after in vitro fertilization in the SWISS-ALBINA and BALB/c lines. The treatments were S1=sucrose; S2=threalose; S3=lactose, for SWISS-ALBINA; and B1=lactose; B2=threalose for BALB/c.  MOT was evaluated after: thawing (THA, centrifugation and re-suspension in P-1 medium (CEN and after 10 minutes of incubation (10M. The MOT for the SWISS-ALBINA line was higher for S2 (P<0.001 in the 3 evaluated steps (47% at DES; 66.5% at CEN and 67.2% at 10M than for S1 (32.5% at DES; 51.5% at CEN and 47.7% at 10M and S3 (30% at DES, 46.5% at CEN and 32.7% at 10M. For the BALB/c line, MOT was superior for B2 than for B1 (P<0.001. Thus, the tested disaccharides, especially threalose, can be recommended for freezing of mice sperm.

    KEY WORDS: Cryopreservation, disaccharides, mice, semen. 

    O trabalho objetivou avaliar os efeitos dos dissacarídeos sacarose, trealose e lactose, como crioprotetores impermeáveis à membrana plasmática em diluentes para criopreservação de sêmen de camundongos. Para avaliação do sêmen utilizaram-se os seguintes parâmetros: motilidade progressiva (MOT das células espermáticas, e a taxa de clivagem embrionária (TXCL obtida por meio de fertilização in vitro, nas linhagens SWISS-ALBINA e BALB/c. Os tratamentos avaliados foram: S1=sacarose; S2=trealose; S3=lactose, para SWISS-ALBINA e B1=lactose; B2=trealose para BALB/c. Avaliou-se a MOT durante as seguintes etapas: descongelação (DES, centrifugação e ressuspensão no meio P-1 (CEN e após dez minutos de incubação (10M. A MOT no S2 para a linhagem SWISS-ALBINA nas três etapas (47% no DES; 66,5% na CEN e 67,2% no 10M foi superior (P<0,001 a S1 (32,5% no DES; 51,5% no

  3. Schistosoma mansoni: aspectos quantitativos da fertilidade e sobrevida de vermes oriundos de cercárias irradiadas com 3 Krad, em camundongos Schistosoma mansoni: quantitative aspects of the fertility and survival of worms obtained from irradiated cercariae (3 Krad, in mice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gileno de Sá Cardoso

    1990-02-01

    Full Text Available Quatro grupos de camundongos albinos (Mus musculus não isogênicos foram infectados transcutaneamente com cerca de 450 cercárias (das cepas LE e SJ do S. mansoni não irradiadas (grupos controles e irradiadas com 3 Krad de radiação gama proveniente de cobalto-60, com a finalidade de observar o efeito da irradiação gama sobre a fertilidade das fêmeas e a sobrevida dos vermes no sistema porta. A partir do 33º dia ocorre uma certa estabilidade na população dos vermes sobreviventes, ficando esta população constante, notadamente em relação à cepa LE, até o final das observações (90º dia. Concluiu-se que esta dose de radiação gama impede a produção de ovos dos vermes em 98,1% dos camundongos infectados, sendo mortos todos os ovos detectados; as fêmeas são mais resistentes à irradiação e o efeito desta sobre a mortalidade dos machos somente se torna estatisticamente significativo a partir do 61º dia de infecção. O longo tempo de permanência de vermes adultos irradiados estéreis no sistema porta de camundongos e o seu provável envolvimento no desenvolvimento de imunoproteção, tipo imunidade concomitante sem as implicações imunopatológicas para o hospedeiro, são discutidos nesse trabalho.The effect of gamma irradiation on the fertility of female mice, as well as the survival of worms in their portal system, have been observed in four groups of outbred albino mice (Mus musculus, experimentally infected with ca 450 cercariae of Schistosoma mansoni (LE and SJ strains, by transcutaneous route. The cercariae used were a non-irradiated (control groups, and b irradiated with 3 Krad of gamma irradiation (Co-60. From the 33rd day on, some estability in the population of surviving worm could be observed. This population remained constant till the end of the observation period (90th day, notedly in relation to the LE strain. Thus, it was concluded that gamma irradiation (at the dose of 3 Krad is able to hinder the worm egg

  4. Uso combinado da laserterapia de baixa potência e da inibição da ciclooxigenase-2 na reepitelização de ferida incisional em pele de camundongos: um estudo pré-clínico Combined use of low level laser therapy and cyclooxygenase-2 selective inhibition on skin incisional wound reepithelialization in mice: a preclinical study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cíntia Helena Santuzzi

    2011-04-01

    Full Text Available FUNDAMENTOS: A laserterapia de baixa potência e os inibidores seletivos da ciclooxigenase-2 (ICOX2 vem sendo muito utilizados para modular a resposta inflamatória, entretanto, os seus efeitos na reepitelização de feridas não são bem compreendidos. OBJETIVO: Avaliar os efeitos isolados e combinados da laserterapia de baixa potência e da ICOX2 na reepitelização de ferida incisional na pele de camundongos. MÉTODO: Foi induzida uma ferida de 1 cm no dorso de cada camundongo, que foram divididos em quatro grupos (N=20: Controle, Laserterapia, Tratados com celecoxib e Terapia conjugada. Os animais dos grupos celecoxib e Terapia conjugada foram tratados com celecoxib por 10 dias antes da incisão cutânea. As feridas experimentais foram irradiadas com laserterapia de baixa potência He-Ne (632nm, dose: 4J/cm2 em varredura, por 12 segundos durante três dias consecutivos nos grupos Laserterapia e Terapia conjugada. Os animais foram sacrificados no 3º dia de pós-operatório. Amostras das feridas foram coletadas e coradas (Tricromio de Masson para análise histomorfométrica. RESULTADOS: Tanto o grupo Laserterapia, quanto o grupo celecoxib, mostrou aumento da reepitelização cutânea em relação ao grupo Controle, entretanto, o grupo Terapia conjugada não apresentou diferenças. Quanto à queratinização o grupo Laserterapia e Terapia conjugada apresentaram redução dos queratinócitos, comparados com o grupo Controle. CONCLUSÕES: Os resultados mostram que o uso da laserterapia de baixa potência e da ICOX2 isoladamente aumentam as células epiteliais, mas somente a laserterapia de baixa potência reduziu os queratinócitos cutâneos. O tratamento conjugado restabelece a reepitelização inata e dimunui a queratinização, embora ocorra uma acelerada contração da ferida com melhora na organização da ferida na pele de camundongos.BACKGROUND: Low level laser therapy and cyclooxygenase-2 (ICOX2 selective inhibitors have been widely used

  5. Reinfections with strains of Trypanosoma cruzi, of different biodemes as a factor of aggravation of myocarditis and myositis in mice Reinfecções com cepas do Trypanosoma cruzi de diferentes biodemas como fator agravante da miocardite e miosite em camundongos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sonia Gumes Andrade

    2006-02-01

    Full Text Available Reinfections with Trypanosoma cruzi in patients from endemic areas have been claimed to be an aggravation factor of cardiac manifestations in Chagas' disease. In the present study, the influence of triple infections with strains of different biodemes, on cardiac and skeletal muscle lesions was experimentally tested. Fifty eight mice chronically infected with the Colombian strain (Biodeme Type III were successively reinfected as follows: 1st group - reinfected with 21 SF strain (Type II followed by Y strain (Type I ; 2nd - group reinfections with Y strain followed by 21SF strain. Isoenzyme analysis of parasites from hemocultures obtained from triple infected mice, revealed the patterns of three distinct zymodemes in the same animal. Each Trypanosoma cruzi strain was reisolated after four passages in mice on either the 7th, 14th or 30th day after inoculation with the blood of triple infected mice. Histopathology results demonstrated a significant exacerbation of cardiac and skeletal muscle inflammatory lesions, confirmed by morphometric evaluation, in mice with triple infection. No aggravation of parasitism was detected. The possibility of an enhancement of cellular response in the triple infected mice is suggested.Reinfecções pelo Trypanosoma cruzi em pacientes de áreas endêmicas têm sido mencionadas como fator agravante das manifestações cardíacas na doença de Chagas. No presente estudo, a influência da tríplice infecção com cepas de diferentes biodemas, sobre as lesões do miocárdio e de músculo esquelético foi investigada experimentalmente. Cinqüenta e oito camundongos cronicamente infectados com a cepa Colombiana do Trypanosoma cruzi (Biodema Tipo III foram sucessivamente reinoculadas como a seguir: 1º grupo - reinfectados com a cepa 21 SF (Tipo II seguido pela cepa Y (Tipo I; 2º grupo - reinfecção com a cepa Y seguida pela cepa 21SF. A análise isoenzimática dos parasitas das hemoculturas obtidas dos animais com tr

  6. Effects of mitomycin C on infiltration of polymorphonuclear leukocytes after epithelial scrape injury in the mouse cornea Efeito da mitomicina C na infiltração de leucócitos polimorfonucleares após lesão epitelial em córnea de camundongo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Cecília Souza Leão Escarião

    2008-12-01

    Full Text Available PURPOSE: To determine whether mitomycin C (MMC alters appearance and disappearance of polymorphonuclear leucocytes (PMN in the cornea stroma, using an epithelial scrape injury in eye mouse model. METHODS: Twenty-mice underwent mechanical epithelium debridement in the central cornea using 20% ethanol. After the scrape, the right eye received 0.02% MMC for one minute, while the left eye received physiological saline. The animals were sacrificed on days 1, 2, 5, and 14 after surgery, and corneal whole mounts were prepared for histology. PMN distribution was analyzed in digitized microscope images. Cell division in the cornea was determined by immunohistochemical detection of bromodeoxyuridine (BrdU, which was injected intraperitoneally before the mice were sacrificed. RESULTS: Epithelial scrape injury triggered infiltration of PMNs into the corneal stroma. An analysis of PMN distribution revealed that there was no difference between eyes treated with and without MMC at all time points. BrdU labeling showed that 0.02% MMC for one minute blocked keratocyte proliferation completely. CONCLUSION: MMC treatment regimen, which is common in clinical practice, inhibits keratocyte proliferation during wound healing, but when used at 0.02% for one minute, it does not affect PMN infiltration into the corneal stroma, and subsequent movement toward the injury site, or the disappearance of PMNs from the stroma, in the mouse epithelial injury model.OBJETIVO: O objetivo do estudo foi determinar se a mitomicina C (MMC altera o aparecimento dos leucócitos polimorfonucleares (PMN no estroma corneano após abrasão epitelial central, utilizando olhos de camundongo como modelo. MÉTODOS: Vinte camundongos foram submetidos à abrasão epitelial em córnea central utilizando etanol a 20%. Após a lesão, o olho direito recebeu MMC a 0,02% por 1 minuto, enquanto o olho esquerdo recebeu solução salina. Os animais foram sacrificados em 1, 2, 5 e 14 dias após a cirurgia e

  7. Sanitary profile in mice and rat colonies in laboratory animal houses in Minas Gerais: I - Endo and ectoparasites Perfil sanitário de colônias de camundongos e ratos de biotérios de Minas Gerais: I - Endo e ectoparasitos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    K.A. Bicalho

    2007-12-01

    Full Text Available The sanitary conditions of 13 animal houses in nine public institutions in Minas Gerais, and the presence of endo and ectoparasites of mice and rats colonies kept in these facilities were evaluated. Data about barriers to prevent the transmission of diseases and a program of sanitary monitoring were obtained through a questionnaire and local visit. Parasitological methods were performed for diagnosing mite, lice, helminthes, and protozoa parasites in 344 mice and 111 rats. Data have shown that the majority of the animal houses had neither proper physical environment nor protection barriers to prevent the transmission of infections. Parasitological results have shown that only one animal house (7.7% had parasite free animals, whereas the others have presented infected animals and the prevalences of parasites in the mice colonies were: Myobia musculi (23.1%; Myocoptes musculinus (38.5%; Radfordia affinis (15.4%; Syphacia obvelata (92.3%; Aspiculuris tetraptera (23.1%; Hymenolepis nana (15.4%; Spironucleus muris (46.2%; Giardia muris (46.2%; Tritrichomonas muris (53.8%; Trichomonas minuta (61.5%; Hexamastix muris (7.7%; and Entamoeba muris (84.6%. As for the rat colonies, the prevalences were: Poliplax spinulosa (8.1%; Syphacia muris (46.2%; Trichosomoides crassicauda (28.6%; Spironucleus muris (85.7%; Tritrichomonas muris (85.7%; Trichomonas minuta (85.7%; Hexamastix muris (14.3% and Entamoeba muris (85.7%.Avaliaram-se as condições sanitárias de 13 biotérios de nove instituições públicas do estado de Minas Gerais, bem como a presença de endo e ectoparasitos nos camundongos e ratos criados nesses biotérios. Os dados sobre barreiras contra infecções e sobre o programa de monitoramento sanitário dos animais foram obtidos por meio de um questionário e de visitas aos biotérios. Métodos parasitológicos foram utilizados para o diagnóstico de ácaros, piolhos, helmintos e protozoários em 344 camundongos e 111 ratos. A maioria dos biot

  8. Contribuição do plasma rico em plaquetas na reparação óssea de defeitos críticos criados em crânios de camundongos Platelet-rich plasma contribute to the process of bone repair of critical defects created in the calvaria of mice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Betânia Souza Monteiro

    2010-07-01

    Full Text Available No presente estudo, foram avaliados, de forma macro e microscópica, os resultados da aplicação do PRP em defeitos ósseos críticos de 6,0mm de diâmetro confeccionados em calvária de 24 camundongos isogênicos C57BL/6 jovens, separados em dois grupos experimentais. O grupo controle não recebeu tratamento, e no grupo tratado foram depositados, no interior do defeito, 50,0µL plasma em gel contendo 1,0x10(9 plaquetas. Constatou-se que o gel de PRP autólogo depositado em defeitos críticos contribuiu positivamente para o processo de reparação óssea, mormente na fase inicial.This study aimed to evaluate macro and microscopic results after PRP application in bone critical defects of 6.0mm in diameter realized in cavarial of twenty-four young isogenic mice C57BL/6. Control group didn't receive treatment and in the treated group it was deposited 50.0µL of plasma gel containing 1.0x10(9 platelets in the defects. It was found that autologous PRP gel contributed positively to the bone repair process, especially in initial phase.

  9. Toxicity and teratogenicity evaluation of fenproporex in mice fetuses descending from parents that were exposed to this drug during intrauterine life Avaliação da toxicidade e da teratogenicidade do femproporex em fetos de camundongos provenientes de pais expostos à droga durante a vida intra-uterina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camila Queiroz Moreira

    2007-10-01

    Full Text Available Fenproporex is an anorectic drug that is transformed into amphetamine in the organism. The use of amphetaminic compounds during pregnancy increases the risk of exencephaly, cleft palate and cardiac malformations. The aim of this study was to evaluate embryo-fetal development, embryotoxicity and possible teratogenic effects in mice fetuses descending from parents that were exposed to fenproporex duringintra-uterine development. Pregnant females were treated daily, by gavage, with 15 mg/kg of fenproporex during all the gestation. When the off springs reached the adult age, they were mated with integral mice, obtaining the2nd generation. On the 18th gestational day, female mice were killed. It was observed that fenproporex did not alter significantly placent weight, fetuses length, rate of postimplantation loss, visceral and skeletal analysis. This may have occurred due to the decrease of the amphetamine effects on the 2nd generation. However, there was statistically significant difference in relation to the fetuses weight. The reduction of fetal weight is used as parameter to evidence toxic effects of asubstance. Therefore, the results suggest that fenproporex presented fetaltoxicity in the tested experimental conditions. Femproporex é um anorexígeno que se transforma em anfetamina no organismo. O uso de compostos anfetamínicos durante a gravidez aumenta o risco de exencefalia, de fenda palatina e de malformações cardíacas. O objetivo deste estudo foi avaliar o desenvolvimento embriofetal, a embriotoxicidade e possíveis efeitos teratogênicos em fetos de camundongos provenientes de pais que foram expostos ao femproporex durante o desenvolvimento intra-uterino. As fêmeas prenhes foram tratadas diariamente, via gavage, com 15 mg/kg de femproporex, durante toda a gestação. Quando as progênies atingiram a idade adulta, foram acasaladas com camundongos íntegros, obtendo-se a 2ª geração. No 18º dia de prenhez, as fêmeas foram mortas

  10. Pancreatic intraepithelial neoplasia and ductal adenocarcinoma induced by DMBA in mice: effects of alcohol and caffeine Neoplasia pancreática intraepithelial e adenocarcinoma ductal induzidos pelo DMBA em camundongos: efeitos do álcool e da cafeína

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Roberto Wendt

    2007-06-01

    Full Text Available PURPOSE: To evaluate the effects of alcohol and caffeine in a pancreatic carcinogenesis mouse model induced by 7,12-dimethylbenzantracene (DMBA, according to the PanIN classification system. METHODS: 120 male, Mus musculus, CF-1 mice were divided into four groups. Animals received either water or caffeine or alcohol or alcohol + caffeine in their drinking water. In all animals, 1 mg of DMBA was implanted into the head of the pancreas. After 30 days, euthanasia was performed; excised pancreata were then fixed in formalin, stained with hematoxylin-eosin and categorized as follows: normal ducts, reactive hyperplasia, PanIN-1A, PanIN-1B, PanIN-2, PanIN-3 or adenocarcinoma. RESULTS: PanIN lesions were verified in all groups. Adenocarcinoma was detected in 15% of animals in the caffeine group, 16.6% in the water group, 23.8% in the alcohol + caffeine group and 52.9% in the alcohol group (POBJETIVO: Avaliar os efeitos do álcool e da cafeína na carcinogênese pancreática induzida pelo 7,12-dimetilbenzantraceno (DMBA em camundongos, descrevendo as lesões de acordo com a classificação das neoplasias pacreáticas intraepiteliais (PanIN. MÉTODOS: 120 camundogos machos, Mus musculus, CF-1 foram divididos em quatro grupos. Animais receberam água ou cafeína ou álcool ou álcool + cafeína para beber. Em todos animais, 1 mg de DMBA foi implantado na cabeça do pâncreas. Após 30 dias, eutanásia foi realizada, o pâncreas foi removido, fixado em formalina e corado com hematoxilina e eosina sendo classificado em: ductos normais, hiperplasia reativa, PanIN-1A, PanIN-1B, PanIN-2, PanIN-3 ou adenocarcinoma. RESULTADOS: Neoplasias pancreáticas intraepiteliais foram encontradas em todos grupos. Adenocarcinoma foi detectado em 15% dos animais do grupo cafeína, 16,6% do grupo água, 23,8% do grupo álcool + cafeína e 52,9% do grupo álcool (P<0,05. CONCLUSÕES: O modelo experimental de carcinogênese pancreática em camundongos utilizando DMBA induz

  11. Oxidative stress gene expression profile in inbred mouse after ischemia/reperfusion small bowel injury Perfil da expressão gênica do estresse oxidativo em camundongos isogênicos após lesão de isquemia e reperfusão intestinal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Roberto Bertoletto

    2012-11-01

    Full Text Available PURPOSE: To determine the profile of gene expressions associated with oxidative stress and thereby contribute to establish parameters about the role of enzyme clusters related to the ischemia/reperfusion intestinal injury. METHODS: Twelve male inbred mice (C57BL/6 were randomly assigned: Control Group (CG submitted to anesthesia, laparotomy and observed by 120min; Ischemia/reperfusion Group (IRG submitted to anesthesia, laparotomy, 60min of small bowel ischemia and 60min of reperfusion. A pool of six samples was submitted to the qPCR-RT protocol (six clusters for mouse oxidative stress and antioxidant defense pathways. RESULTS: On the 84 genes investigated, 64 (76.2% had statistic significant expression and 20 (23.8% showed no statistical difference to the control group. From these 64 significantly expressed genes, 60 (93.7% were up-regulated and 04 (6.3% were down-regulated. From the group with no statistical significantly expression, 12 genes were up-regulated and 8 genes were down-regulated. Surprisingly, 37 (44.04% showed a higher than threefold up-regulation and then arbitrarily the values was considered as a very significant. Thus, 37 genes (44.04% were expressed very significantly up-regulated. The remained 47 (55.9% genes were up-regulated less than three folds (35 genes - 41.6% or down-regulated less than three folds (12 genes - 14.3%. CONCLUSION: The intestinal ischemia and reperfusion promote a global hyper-expression profile of six different clusters genes related to antioxidant defense and oxidative stress.OBJETIVO: Determinar o perfil de expressão dos genes associados com estresse oxidativo e contribuir para estabelecer parâmetros sobre o papel das familias de enzimas relacionadas com a lesão de isquemia / reperfusão intestinal. MÉTODOS: Doze camundongos machos isogênicos (C57BL/6 foram distribuídos aleatoriamente: Grupo Controle (CG submetido à laparotomia anestesia, e observado por 120min; Grupo isquemia/reperfusão (IRG

  12. Persistence of Leishmania antigen in C57Bl/6j inbred mice infected with Leishmania (Leishmania amazonensis Persistência do antígeno da Leishmania no camundongo isogênico C57Bl/6j infectado com a Leishmania (Leishmania amazonensis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C. Vasconcellos

    1999-07-01

    Full Text Available PURPOSE. To develop an animal model for studying mucocutaneous leishmaniasis. METHODS. The hind footpad of C57Bl/6j inbred mice was experimentally infected with 10(7 Leishmania (Leishmania amazonensis promastigote and the skin was studied through light and electron transmission microscopy and immunohistochemistry (PAP techniques. RESULTS. There were morphological evidences of cellular immune mechanisms and hypersensitivity reaction after eight weeks of infection and metastasis and well shaped parasites at ultrastructural level by fifty-one weeks post infection. Relapse of infection with mucosa lesions occurred around the 50th week after inoculation. CONCLUSION. The use of this animal model in long term follow up could be an useful experimental model for human mucocutaneous leishmaniasis.OBJETIVO. Desenvolver um modelo experimental para o estudo da leishmaniose cutâneo-mucosa. MÉTODOS. O coxim plantar traseiro de camundongos isogênicos C57Bl/6j foi inoculado com 10(7 formas promastigotas da Leishmania (Leishmania amazonensis e a pele foi estudada através da microscopia óptica e eletrônica e de técnica imunohistoquímica (PAP. RESULTADOS. Ocorreram evidências morfológicas de mecanismos imunes mediados por células, concomitantemente ao de reação de hipersensibilidade, após a oitava semana de infecção e a presença de parasitas com ultraestrutura preservada na quinquagésima primeira semana após a infecção. Houve recidiva da infecção com surgimento de lesões mucosas por volta da 50a semana pós inoculação. CONCLUSÃO. Este modelo animal, com um período de tempo de seguimento prolongado, poderia ser empregado como modelo para o estudo experimental da leishmaniose cutâneo-mucosa.

  13. Schistosoma mansoni: aspectos quantitativos da evolução de cercarias irradiadas a nível da pele, pulmões e sistema porta, em camundongos Schistosoma mansoni: quantitative aspects of the evolution of gamma-irradiated cercariae at the skin, lungs, and portal system, in mice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gileno de Sá Cardoso

    1989-10-01

    Full Text Available Foi estudada a migração do Schistosoma mansoni (cepas LE e SJ em oito grupos de camundongos albinos (Mus musculus não isogênicos, infectados transcutaneamente com cerca de 450 cercarias não irradiadas (grupos controles e irradiadas com 3 Krad, 20 Krad e 40 Krad de radiação gama proveniente de cobalto-60, Na pele, observou-se uma diminuição progressiva das taxas de recuperação em função do tempo e, nos pulmões e sistema porta, verificou-se uma relação inversa significativa entre as taxas de recuperação total e as doses de irradiação. A dose de 20 Krad praticamente impede a migração dos parasites, de ambas as cepas, dos pulmões até o sistema porta, enquanto a de 40 Krad praticamente impede a migração dos mesmos da pele para os pulmões.The migration of Schistosoma mansoni (LE and SJ strains has been studied in eight groups of outbred Swiss albino mice (Mus musculus, which were previously infected with ca 450 cercariae, transcutaneously. The infection of mice was performed with non irradiated cercariae (control groups, or with gamma-irradiated cercariae, at the schedule of 3, 20 and 40 Krad. Regarding the skin, a progressive decrease was detected for the recovery rates, related to the time of infection. As far as the lungs and portal system are concerned, a significant inverse correlation was observed between the total recovery rate and the irradiation dosages. The dose of 20 Krad practically hinders the migration of the parasites (in both strains from the lungs to the portal system, whereas the dose of 40 Krad prevents the migration of most of the parasites from the skin to the lungs.

  14. Host cell adhesion to Schistosoma mansoni larvae in the peritoneal cavity of naive mice: histological and scanning electron microscopic studies Adesão celular às larvas de Schistosoma mansoni na cavidade peritoneal de camundongos normais: estudos histológicos e microscopia eletrônica de varredura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alan Lane de Melo

    1993-02-01

    Full Text Available Cercariae of Schistosoma mansoni inoculated into the peritoneal cavity of naive mice induced host cell adhesion to their surface, but after 90 minutes the number of adherent cells sharply decreased. The cell detachment is progressive and simultaneous to the cercaria-schistosomule transformation. The histological study showed mainly neutrophils in close contact with the larvae. Mononuclear cells and some eosinophils were occasionally seen surrounding the adherent neutrophils. The scanning electron microscopy showed cells displaying twisted microvilli and several microplicae contacting or spreading over the larval surface, and larvae completely surrounded by clusters of cells. These results suggest that the neutrophils recognize molecules on the cercarial surface which induce their spreadingA inoculação de cercárias de Schistosoma mansoni na cavidade peritoneal de camundongos normais induz uma aderência de células do hospedeiro a essas larvas. Essa adesão decresce rapidamente quando a larva infectante transforma-se em esquistossômulo. O destacamento das células é progressivo e simultâneo à transformação. Os métodos histológicos e a microscopia eletrônica de varredura mostraram que o neutrófilo é a célula predominante em estreito contacto com a larva. Células mononucleadas e eosinófilos foram observados rodeando o parasito, usualmente sem estar em contacto direto com a larva. Os resultados indicam que neutrófilos podem reconhecer, na superfície larvária, moléculas que induzem sua adesão e espalhamento.

  15. Estudo da patogenicidade para camundongos recém-nascidos de amostras de echovirus tipo 9 isoladas de casos de meningite durante um surto epidêmico no Rio de Janeiro Pathogenicity for newborn mice of echovirus type 9 samples isolated from cases of meningitis during an outbreak in Rio de Janeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rita Maria Ribeiro Nogueira

    1983-06-01

    Full Text Available A patogenicidade do echovirus tipo 9 para camundongos recém-nascidos foi estudada, utilizando-se 12 amostras isoladas em cultura de células primárias de rim de macaco, a partir do liquor de crianças com meningite. Os animais inoculados com o fluido da primeira passagem em células desenvolveram paralisia flácida, após um período de 5 dias, com a morte ate o 8º dia. Os especimens originais de liquor não continham suficiente vírus para provocar sinais clínicos nos animais inoculados no período de 21 dias de observação. Ao exame histopatológico os animais doentes apresentaram miopatia necrotizante da musculatura paravertebral, língua e diafragma. Animais inoculados que não desenvolveram paralisia durante o período de observação apresentaram miosite discreta, sem que tenha sido encontrada necrose das fibras musculares.The pathogenicity for baby-mice of 12 strains of echovirus type 9, isolated in primary monkey kidney cells, from liquor specimens of children with meningitis, have been studied. The animals inoculated with the first passage in tissue culture show after a period of 5 days, a flaccid paralysis and died by the 8th day after inoculation. The original liquor specimens did not contain enough virus to cause clinical signs in the inoculated animals, during the 21 days of observation. Histopathologicals studies in the sick animals, show a necrosis of the paravertebral muscles, tongue and diafragm. Inoculated animals wich did not develop paralysis during the observation period, show light miositis without necrosis of the muscle tissue.

  16. Expressão de galectina-3 e beta-catenina em lesões pré-malignas e carcinomatosas de língua de camundongos Galectin-3 and beta-catenin expression in premalignant and carcinomatous lesions in tongue of mice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Moreira de Almeida Sant'ana

    2011-02-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A galectina-3 (GAL3 apresenta importantes papéis na biologia tumoral e recentemente foi mostrada a sua participação na via de sinalização Wnt, translocando a beta-catenina para o núcleo. Expressão alterada de GAL3 e beta-catenina tem sido descrita em cânceres, mas não há estudos avaliando a expressão de ambas em displasias e carcinomas desenvolvidos em modelos de carcinogênese de língua. OBJETIVOS: Estudar a expressão de GAL3 e beta-catenina em lesões displásicas e carcinomas induzidos experimentalmente em língua de camundongos. MATERIAL E MÉTODOS: Vinte camundongos C57BL/6 machos foram desafiados com 4NQO na água de beber por 16 semanas e sacrificados na semana 16 e 32. Após o sacrifício, as línguas foram removidas, processadas, coradas por hematoxilina e eosina (HE para detecção de displasias e carcinomas. Ensaio imuno-histoquímico foi realizado para determinar o índice de positividade para GAL3 e beta-catenina nessas lesões, bem como uma correlação entre elas em carcinomas. RESULTADOS: O número de camundongos afetados por carcinoma aumentou entre as semanas 16 e 32 (22,2% vs. 88,9% e o de displasia diminuiu (66,7% vs. 11,1%. Um aumento de células positivas para beta-catenina não membranosa e GAL3 citoplasmática foi observado nas displasias e nos carcinomas, mas essa diferença não foi estatisticamente significativa. No entanto, um aumento estatisticamente significativo de GAL3 nuclear foi observado na evolução de displasia para carcinoma (p = 0,04. Nenhuma correlação foi encontrada entre beta-catenina e GAL3. CONCLUSÃO: Tanto nas displasias quanto nos carcinomas a via de sinalização Wnt está ativa, e o aumento de GAL3 nuclear nos carcinomas sugere um papel na transformação maligna do epitélio lingual.INTRODUCTION: Galectin-3 plays pivotal role in tumor biology and its participation in Wnt signaling pathway translocating beta-catenin into the nucleus has been recently demonstrated

  17. Comportamento experimental de amostras de Schistosoma mansoni em relação às formas clínicas de esquistossomose: I. Estudo em camundongos Experimental behavior of samples of Schistosoma mansoni in relation to clinical forms of schistosomiasis: I. Study in mice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mario José da Conceição

    1986-03-01

    Full Text Available Como já descrevemos em publicação anterior (Conceição, 1985, foram isoladas 20 amostras de S. mansoni de pacientes do sexo masculino com idades entre 13 e 30 anos, autóctones do distrito de Capitão Andrade, município de Itanhomi, no Vale do Rio Doce, em Minas Gerais. Das amostras, seis eram portadores de esquistossomose-infecção (tipo I, seis da forma hepatointestinal (tipo II e oito da forma hepatoesplênica (tipo III, adaptadas inicialmente, à B. glabrata da mesma área. Cada uma das amostras foi inoculada em 48 camundongos em lotes de 16, respectivamente com 25,50 e 100 cercárias, mantendo-se 12 animais não infectados, com controles. Após 90 dias perfundiu-se o sistema porta de 12 animais (quatro de cada lote. Os animais mortos naturalmente em diversos períodos e a metade de cada lote sacrificada aos 90 e 180 dias foram estudados através dos seguintes parâmetros: 1§ determinação dos pesos de fígado, baço, pulmão e intestino; 2§ contagem de ovos em intestinos (proximal e mediano e grosso (distal. O número de vermes obtidos pela perfusão nos três grupos em média de 21,9%, 22% e 17,8%% para os tipos I, II e III. A mortalidde natural média dos camundongos submetidos à infecção com 25, 50 e 100 cercárias, foi respectivamente, 12,4%, 23,2% para o grupo I; de 4,7% 19,3% e 22,2% para o grupo II e 11,4%, 29,5% e 41,6% para o grupo III, apresentando-se, portanto, proporcional aos inóculos. O peso dos órgãos dos animais infectados bem como o número de ovos de S. mansoni foi sempre proporcional ao inóculo e a contagem mais elevada nas partes mediana e proximal do intestino nos três grupos. Concluiu-se que não houve correlação entre as formas clínicas da esquistossomose e o comportamento das amostras de S. mansoni em camundongo, ressaltando-se que as alterações parasitológicas encontradas foram proporcionais ao inóculo empregado e ao tempo de infecção, evidenciando os aspectos quantitativos na determina

  18. Relação entre a patogenicidade do Schistoma mansoni em camundongos e a susceptibilidade do molusco vetor: II. Número de ovos nas fezes e número e tamanho dos granulomas nas vísceras Relationship between the pathogenicity of Schistoma mansoni in mice and the susceptibility of the vector mollusc: II. Number of eggs in the feces and number and size of granulomas in the visceras

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eliana Maria Zanotti-Magalhães

    1993-12-01

    Full Text Available Estudou-se a influência da susceptibilidade de moluscos vetores do S. mansoni no desenvolvimento da patogenicidade do trematódeo no hospedeiro definitivo. Foram utilizadas progênies de moluscos Biomphalaria tenagophila e Biomphalaria glabrata selecionadas para o caráter susceptibilidade ao S. mansoni das linhagens SJ e BH, respectivamente. Cercárias oriundas das gerações P, F1 F2, F3 e F4 foram usadas para a infecção de camundongos Swiss, que foram sacrificados oito semanas após a exposição às larvas. Por esta ocasião verificou-se o número de ovos nas fezes e o número de granulomas no fígado, baço e intestino. Avaliou-se também o tamanho das reações granulomatosas nestas vísceras. Concluiu-se que a maior susceptibilidade de B. tenagophila induziu a uma maior eliminação de ovos do parasita nas fezes. Verificou-se maior número de granulomas por área de tecido hepático em roedores infectados com cercárias oriundas de moluscos mais susceptíveis. Nos mesmos roedores, constatou-se relação inversa entre a área dos granulomas esplênicos, hepáticos e intestinais e a taxa de infecção dos moluscos que forneceram as cercárias para a infecção dos camundongos.The influence of the susceptibility of the vector snails of S. mansoni on the development of the pathogenicity of the worm to the host was studied. Off-spring of snails Biomphalaria glabrata and Biomphalaria tenagophila were used, selected with regard to the susceptibility to S. mansoni of the strains BH and SJ trait, respectively. Parenteral, F1,F2, F3 and F4 generation cercariae were used for the infection of Swiss mice, which were killed eight weeks after infection. The number of eggs in the feces and the number of granulomas in the liver, spleen and intestines were counted. The size of the granulomatous reactions was evaluated. The results led to the conclusion that greater susceptibility of B. tenagophila was associated with a larger egg production in the feces

  19. Anatomical features of the urethra and urinary bladder catheterization in female mice and rats. An essential translational tool Características anatômicas da cateterização da uretra e bexiga de camundongos e ratos fêmeas. Instrumento essencial na pesquisa pré clínica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo Oliveira Reis

    2011-01-01

    Full Text Available PURPOSE: To present fundamental anatomical aspects and technical skills necessary to urethra and urinary bladder catheterization in female mice and rats. METHODS: Urethral and bladder catheterization has been widely utilized for carcinogenesis and cancer research and still remains very useful in several applications: from toxicological purposes as well as inflammatory and infectious conditions to functional aspects as bladder dynamics and vesicoureteral reflux, among many others. RESULTS: Animal models are in the center of translational research and those involving rodents are the most important nowadays due to several advantages including human reproducibility, easy handling and low cost. CONCLUSIONS: Although technical and anatomical pearls for rodent urethral and bladder access are presented as tackles to the advancement of lower urinary tract preclinical investigation in a broaden sight, restriction to female animals hampers the male microenvironment, demanding future advances.OBJETIVO: Apresentar aspectos anatômicos fundamentais e habilidades técnicas necessárias para cateterismo da uretra e bexiga em ratos e camundongos fêmeas. MÉTODOS: Cateterismo vesical tem sido amplamente utilizado na pesquisa do câncer e carcinogênese, além de várias outras aplicações, desde fins toxicológicos, condições inflamatórias e infecciosas até aspectos funcionais como a dinâmica vesical e refluxo vesico-ureteral, entre muitos outros. RESULTADOS: Os modelos animais estão no centro da investigação de translação e os roedores são os mais importantes devido a várias vantagens, incluindo reprodutibilidade humana, o fácil manuseio e baixo custo. CONCLUSÕES: Apesar de permitir o desenvolvimento da investigação pré-clínica do trato urinário inferior, o modelo se restringe aos animais do sexo feminino, de modo que avanços futuros são necessários.

  20. Subcutaneous immunization against Leishmania major - infection in mice: efficacy of formalin-killed promastigotes combined with adjuvants Imunização subcutânea na infecção do camundongo pela Leishmania major: eficácia dos promastigotos mortos pela formalina combinada com adjuvantes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joshua M. Mutiso

    2010-04-01

    Full Text Available Formalin-killed promastigotes (FKP of Leishmania major, in combination with Montanide ISA 720 (MISA, BCG or alum were used in vaccination of an inbred murine model against cutaneous leishmaniasis (CL. Significant and specific increases in anti-FKP IgG responses were detected for both alum-FKP and BCG-FKP compared to MISA-FKP (p Promastigotos mortos pela formalina (FKP de Leishmania major combinados com Montanide ISA 720 (MISA, BCG ou alumen foram usados na vacinação de modelo murino cutâneo de leishmaniose (CL. Aumento significante e específico de resposta IgG anti FKP foram detectados tanto no FKP com alumen como naquele com BCG comparados ao MISA-FKP (p < 0,001. Aumento significante da proliferação esplênica de linfócitos de memória foi obtida nos camundongos vacinados com MISA-FKP quando comparados aos grupos vacinados com alumen-FKP ou BCG-FKP (p < 0,01. As maiores respostas por interferon-gama foram observadas no grupo BCG-FKP seguido pelo MISA-FKP enquanto que o alumen-FKP deu a menor resposta. No grupo MISA-FKP foram obtidas reduções significantes do tamanho das lesões quando comparado aos grupos vacinados com BCG/adjuvante de alumen-FKP. Embora o grupo BCG-FKP tenha mostrado a maior resposta por interferon-gama, não houve controle das lesões cutâneas. Redução significante no número de parasitas foi observada tanto no grupo vacinado com MISA-FKP como no BCG-FKP (p < 0,001. Houve boa correlação entre a carga parasitária e o nível de interferon-gama indicando que a resposta do interferon-gama é parâmetro sensível do estado imunológico. Em conclusão, MISA-FKP é a forma mais eficaz de vacina contra a leishmaniose cutânea murina.

  1. Immunohistochemical expression of oestrogen and progesterone receptors during experimental acute and chronic murine Schistosomiasis mansoni Expressão imunohistoquímica de receptores para estrogênio e progesterona nas fases aguda e crônica da esquistossomose mansônica experimental em camundongos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fawzia Ahmed Habib

    2010-10-01

    Full Text Available INTRODUCTION: The responsibility of Schistosoma mansoni in female infertility is still controversial. This study was conducted to evaluate the effect of acute and chronic schistosomiasis mansoni infection on the endometrium using immunohistochemical analysis of uterine hormone receptor expression. METHODS: Twenty-four nonpregnant swiss albino mice were divided into three groups: control, noninfected; acute; and chronic Schistosoma mansoni infection. Histological sections of uterine specimens were examined by light microscope with an image analyzing system to detect structural histological, estrogen receptor (ER and progesterone receptor (PR expression in the endometrium. RESULTS: No secretory phase was detected in the endometrium in acute and chronic Schistosoma infection. Hormone receptor expression (ER and PR showed statistically significant differences among the groups (pINTRODUÇÃO: A responsabilidade do Schistosoma mansoni em esterilidade feminina é ainda controversa. Este estudo é conduzido para avaliar o efeito da esquistossomose mansoni aguda e crônica no endométrio usando análise de imuno-histoquímíca da expressão de receptor hormonal uterina. MÉTODOS: Vinte e quatro camundongos fêmeas albinas suíças não grávidas foram divididas em 3 grupos (controle não-infectado, grupos agudos e crônicos infeccionados com Schistosoma mansoni. As seções histológicas de espécimes uterinos foram examinadas por microscópio leve com imagem, analisando sistema para detectar no endométrio expressões histológicas estruturais, receptor de estrogênio (ER e receptor de progesterona (PR. RESULTADOS: Nenhuma fase secretora foi detectada no endométrio com infecção aguda e crônica de Schistosoma. A expressão hormonal de receptor (ER e PR mostrou diferenças estatisticamente significantes entre grupos diferentes (p<0,05 com baixa significativa hormonal de ER com infecção crônica (comparado com controle proliferativo, controle secret

  2. Localization of Bmp-4, Shh and Wnt-5a transcripts during early mice tooth development by in situ hybridization Localização de transcritos de Bmp-4, Shh e Wnt-5a durante as fases iniciais do desenvolvimento dentário de camundongos por hibridização in situ

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fábio Daumas Nunes

    2007-06-01

    Full Text Available A comparative nonisotopic in situ hybridization (ISH analysis was carried out for the detection of Bmp-4, Shh and Wnt-5a transcripts during mice odontogenesis from initiation to cap stage. Bmp-4 was expressed early in the epithelium and then in the underlying mesenchyme. Shh expression was seen in the odontogenic epithelial lining thickening, being stronger in the enamel knot area, during the cap stage. Wnt-5a transcripts were expressed only in the mesenchyme during the initiation, bud and cap stages, with strong expression in the dental mesenchyme during the bud stage. The present results showed that Bmp-4, Shh and Wnt-5a are expressed since the very early stages of tooth development, and they suggest that the Wnt-5a gene is expressed in different cell populations than Bmp-4 and Shh.No presente trabalho, realizou-se uma análise comparativa não isotópica por hibridização in situ a fim de se detectar a presença de transcritos de Bmp-4, Shh e Wnt-5a durante as fases iniciais da odontogênese em camundongos, desde a iniciação até o estágio de capuz. No estágio de iniciação, observou-se expressão precoce de Bmp-4 no epitélio e no mesênquima subjacente, enquanto que a expressão de Shh ocorreu durante o estágio de capuz, na região de espessamento do revestimento epitelial odontogênico, tornando-se mais intensa na área de nó do esmalte. Os transcritos de Wnt-5a foram expressos somente no mesênquima durante os estágios de iniciação, botão e capuz, com intenso sinal na região no mesênquima na fase de botão. Estes resultados mostraram que Bmp-4, Shh e Wnt-5a são expressos desde os estágios mais precoces do desenvolvimento dentário, sugerindo que o gene Wnt-5a seja expresso em populações celulares distintas daquelas que expressam Bmp-4 e Shh.

  3. The use of mice as animal model for testing acute toxicity (LD-50 of toxic shock syndrome toxin Utilização de camundongos como modelo animal para a verificação da toxicidade aguda da toxina-1 da síndrome do choque tóxico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R.S. Dias

    2009-02-01

    Full Text Available Acute toxicity test (LD-50 using toxic shock syndrome toxin (TSST-1 was tested in BALB/c, C57BL/6 and Swiss mice. Animals (n = 10 were intraperitoneally injected with TSST-1 (0.01-10.0µg/mouse followed 4h later by potentiating dose of lipopolysaccharide (75.0µg of LPS - E. coli O111:B4 and cumulative mortality was recorded over 72h. Control animals received either TSST-1 or LPS alone. The data were submitted to qui-Square test and acute toxicity test was calculated by probit analysis (confidence limits expressed as µg toxin/kg. BALB/c mice was the most sensitive (20.0µg/kg, 95% confidence limits: 9.0-92.0 followed by C57BL/6 (38.5µg/kg, 95% confidence limits: 9.11- 401.6. Data from Swiss mice was not conclusive, indicating only low sensitivity. Selection of the animal model and standardization of the experiment are fundamental for the development of serum neutralization tests used for final quality control of vaccine production.A toxicidade aguda (DL-50 da toxina da síndrome do choque tóxico (TSST-1 foi testada em linhagens de camundongos BALB/c, C57BL/6 e Suíça. Os animais (n=10 inoculados intraperitoneal com doses crescentes de toxina (0,01 - 10,0µg/animal receberam 4h após 75µg de LPS (E. coli O111: B4. A toxicidade aguda (DL50 foi observada por um período de 72h e os dados submetidos ao teste de qui- quadrado. Os resultados e os limites de confiança foram expressos em µg de toxina/kg. A linhagem BALB/c apresentou maior sensibilidade (20µg/kg - limite de confiança a 95% entre 9,0- 92,0, seguida da C57BL/6 (38,5µg/kg - limite de confiança a 95% entre 9,11 - 401,6. A amplitude dos limites de confiança deve-se à natureza da toxina, ao mecanismo de ação, a via de inoculação e ao animal utilizado. A seleção do modelo animal e a padronização do experimento são fundamentais para o desenvolvimento de testes de soro neutralização para fins de controle de qualidade do processo de produção de vacinas.

  4. Associação de betabloqueadores e treinamento físico na insuficiência cardíaca de camundongos Asociación de betabloqueantes y entrenamiento físico en la insuficiencia cardíaca de ratones Association of physical training with beta-blockers in heart failure in mice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andréa Somolanji Vanzelli

    2010-09-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: O tratamento da insuficiência cardíaca (IC conta atualmente com diversos tipos de intervenções. Dentre elas, destacam-se a terapia com betabloqueadores (BB e o treinamento físico (TF. Contudo, os efeitos da associação dessas terapias são pouco estudados. OBJETIVO: Verificar os efeitos do tratamento com BB, metoprolol (M e carvedilol (C associados ao TF na IC em camundongos. MÉTODOS: Utilizamos modelo genético de IC induzida em camundongos por hiperatividade simpática. Inicialmente, dividimos os animais com IC em: sedentários (S; treinados (T; tratados com M (138 mg/kg (M ou C (65 mg/kg (C. Na segunda parte, dividimos os grupos em S; treinado e tratado com M (MT e treinado e tratado com C (CT. O TF consistiu em treinamento aeróbico em esteira por 8 semanas. A tolerância ao esforço foi avaliada por teste progressivo máximo e a fração de encurtamento foi avaliada (FE por ecocardiografia. O diâmetro dos cardiomiócitos e a fração de colágeno foram avaliados por meio de análise histológica. Os dados foram comparados por ANOVA de um caminho com post hoc de Duncan. O nível de significância foi considerado p FUNDAMENTO: El tratamiento de la insuficiencia cardiaca (IC cuenta actualmente con diversos tipos de intervenciones. De entre ellas podemos destacar la terapia con betabloqueantes (BB y el entrenamiento físico (EF. Con todo, los efectos de la asociación de estas terapias son poco estudiados. OBJETIVO: Verificar los efectos del tratamiento con BB, metoprolol (M y carvedilol (C asociados al EF en la IC en ratones. MÉTODOS: Utilizamos modelo genético de IC inducida en ratones por hiperactividad simpática. Inicialmente, dividimos los animales con IC en: sedentarios (S; entrenados (E; tratados con M (138 mg/kg (M o C (65 mg/kg (C. En la segunda parte, dividimos los grupos en S; entrenado y tratado con M (ME y entrenado y tratado con C (CE. El EF consistió en entrenamiento aeróbico en estera por 8 semanas. La

  5. Parasite survey in mouse and rat colonies of Brazilian laboratory animal houses kept under differents sanitary barrier conditions Estudo de parasitos em colônias de ratos e de camundongos em biotérios brasileiros mantidos sob diferentes condições de barreiras sanitárias

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R. Gilioli

    2000-02-01

    Full Text Available A parasitological study was undertaken to determine the health status of 15 mouse and 10 rat colonies bred in 18 Brazilian laboratory animal houses maintained under different sanitary barrier conditions which supply animals for teaching, research purposes and manufacture of biological products for medical or veterinary use. Parasitological methods were used for diagnosis of mites, lices, helminthes and protozoan parasites. A questionnaire was answered by institutions with the intention to obtain information about the existence of barriers against infections and of regular sanitary monitoring program of their colonies. The questionnaire data show that the majority of the animal houses investigated do not possess an efficient sanitary barrier system able to keep animals under controlled health sanitary conditions. Ecto and endoparasite infections are widespread in the colonies and multiple infections were common in animals from most facilities investigated. The prevalences of parasites detected among the mouse and rat colonies of the laboratory animal houses investigated were: Myocoptes musculinus (46.6%, Myobia musculi (26.6%, Radfordia ensifera (13.3%, Syphacia obvelata (86.6%, Aspiculuris tetraptera (60.0%, Hymenolepis nana (53.3%, Spironucleus muris (80.0%, Tritrichomonas muris (80.0%, Giardia muris (66.0%, Entamoeba muris (20.0%, Eimeria sp. (13.3%, Hexamastix muris (26.6%, Poliplax spinulosa (30.0%, Poliplax serrata (10.0%, Radfordia ensifera (30.0%, Syphacia muris (80.0%, Hymenolepis nana (40.0%, Trichosomoides crassicauda (55.5%, Spironucleus muris (90.0%, Tritrichomonas muris (80.0%, Giardia muris (60.0%, Entamoeba muris (80.0%, Eimeria sp. (60.0% and Hexamastix muris (60.0%.Um estudo parasitológico foi realizado para verificar as condições de saúde de 15 colônias de camundongos e 10 colônias de ratos produzidos em 18 biotérios de instituições brasileiras que fornecem animais para ensino, pesquisa e produção de imunobiol

  6. O modelo experimental de carcinogênese gástrica induzido por n-methyl-n-nitrosourea em ratos F344 e camundongos C3H é válido para os ratos Wistar? Experimental model of gastric carcinogenesis with N-methyl-N-nitrosourea for F344 rats and C3H mices is valid for Wistar rats?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lissandro Tarso

    2011-03-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: O N-metil-N-nitrosourea (MNU tem ação cancerígena direta, induzindo tumores em várias espécies em uma variedade de órgãos, incluindo o estômago de ratos. Tratamento do MNU na água de beber por 25-42 semanas, seletivamente, induz carcinoma gástrico glandular de ratos F344 e camundongos C3H. OBJETIVO: Estabelecer um modelo experimental para indução seletiva de câncer no estômago glandular de ratos Wistar com MNU. MÉTODOS: Um total de 48 ratos Wistar machos com oito semanas, foram utilizados no presente estudo. MNU (Sigma-Aldrich foi dissolvido em DMSO e liberada água potável ad libitum por um período variando de 16 a 70 semanas. Após 16 semanas, quatro ratos foram selecionados aleatoriamente e mortos. Depois, de seis em seis semanas, quatro animais também foram mortos até 70 semanas. RESULTADOS: A taxa de sobrevivência foi superior a 90%. Ocorreu a indução de dois adenocarcinomas, um carcinoma espinocelular e um sarcoma. A incidência de adenocarcinoma gástrico foi de 4,5% (0,5 a 15. CONCLUSÕES: O modelo experimental de carcinogênese gástrica em ratos Wistar, utilizando MNU dissolvido na água, não mostrou viabilidade prática neste estudo, devido à baixa taxa de adenocarcinoma gástrico que ocorreu.BACKGROUND: The N-methyl-N-nitrosourea (MNU is a direct acting carcinogen, inducing tumors in several species in a variety of organs, including stomach of rats. Treatment of MNU in the drinking water for 25-42 weeks selectively induced glandular gastric carcinoma in F344 rats and C3H mice. AIM: To establish an experimental model for selective MNU induction of glandular stomach cancer in Wistar rats. METHODS: A total of 48 males eight-week-old Wistar rats were used in the present study. MNU (Sigma-Aldrich was dissolved in DMSO and provided as the drinking water ad libitum for a period ranging from 16 to 70 weeks. After 16 weeks, four rats were randomly selected and killed. After every six weeks four animals

  7. Determination of lethal doses 50 and 100 of propofol in lipid emulsion nor nanoemulsion intraperitoneally in miceDeterminação das doses letal 50 e 100 do propofol em nanoemulsão ou em emulsão lipídica pela via intraperitoneal em camundongos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Martielo Ivan Gehrcke

    2012-10-01

    Full Text Available The formulation of a drug can interfere with its absorption into the circulatory system and may result in changes in the dose required to achieve that particular effect. The aim of this study was to determine the lethal dose 50 (LD 50 and 100 (LD100 of a nanoemulsion of propofol and the lipid emulsion in mice intraperitoneally. One hundred sixty animals weighing 36.47±4.6g, which were distributed randomly into two groups: NANO and EMU who received propofol 1% in the nanoemulsion and lipid emulsion, respectively, intraperitoneally. Began with a dose of 250mg/kg (n=10 and from this isdecreased or increased the dose until achieving 0 and 100% of deaths in each group thus formed were seven subgroups in NANO (each subgroup n = 10 at doses 200, 250, 325, 350, 400, 425 and 475 mg/kg and in EMU eight subgroups (n= 10 each subset 250, 325, 350, 400, 425, 475, 525 and 575 mg/kg. In the CONTROL group (n=10 animals received saline in the largest volume used in the other groups to rule out death by the volume injected. Analysis of LD 50 and LD 100 were obtained by linear regression. The LD 50 was 320, 95 mg / kg and 4243, 51mg / kg and the LD 100 was445.99 mg / kg and 595.31 mg / kg to groups NANO and EMU, respectively. It follows that nanoemulsion is propofol in 25% more potent compared to the lipid emulsionintraperitoneally. A formulação de um fármaco pode interferir na sua absorção para o sistema circulatório, podendo resultar em alterações da dose necessária para que se consiga determinado efeito. O objetivo deste estudo foi determinar as doses letais 50 (DL 50 e 100 (DL100 do propofol em nanoemulsão e emulsão lipídica em camundongos pela via intraperitoneal. Foram utilizados 160 animais pesando 36,47 ± 4,6g, os quais foram distribuídos aleatoriamente em dois grupos: NANO e EMU que receberam propofol à 1% em nanoemulsão e em emulsão lipídica, respectivamente, pela via intraperitoneal. Iniciou-se com a dose de 250mg/kg (n=10 e a partir

  8. Avaliação dos efeitos depressores centrais do extrato etanólico das folhas de Synadenium umbellatum Pax. e de suas frações em camundongos albinos Evaluation of the central depressor effects of the ethanolic extract of the leaves of Synadenium umbellatum Pax. and its fractions in Swiss mice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo Borges de Oliveira

    2008-09-01

    Full Text Available O Synadenium umbellatum Pax. (Euphorbiacea é uma planta nativa da África tropical conhecida como "cola-nota", "avelós", "cancerola", "milagrosa", dentre outros. A planta é utilizada pela população brasileira como detentora de propriedades antiinflamatória, analgésica, dentre outras. Foram avaliados os efeitos depressores sobre o sistema nervoso central (SNC do extrato etanólico das folhas de Synadenium umbellatum (EES e de suas frações - hexânica (FH, clorofórmica (FC e metanol/água (FM. Vários testes foram utilizados em camundongos machos albinos (Mus musculus, dentre eles, o sono induzido por barbitúrico, campo aberto e o teste do rota-rod. O EES foi testado nas doses de 25, 50 e 100 mg/kg, enquanto que a FH foi testada na dose de 10 mg/kg, a FC na dose de 20 mg/kg e a FM na dose de 25 mg/kg. O EES e as frações FH e FC, mas não a FM, apresentaram um possível efeito depressor sobre o SNC, visto que foram capazes de aumentar o tempo parado e diminuir o número de bolos fecais no campo aberto, além de potencializarem o sono induzido por barbitúrico. No teste do rota-rod, observou-se que o EES e as frações não foram capazes de causar incoordenação motora ou relaxamento muscular. Assim, conclui-se que o extrato etanólico e as frações FH e FC do Syandenium umbellatum Pax. possuem possível efeito depressor sobre o SNC.Synadenium umbellatum Pax. (Euphorbiacea is a native plant from tropical Africa known as "cola-nota", "avelós", "cancerola", "milagrosa", among others. The plant is used by Brazilian folks for having anti-inflammatory and analgesic properties, among others. It was evaluated the depressor effects over the central nervous system (CNS of the ethanolic extract of the leaves of Synadenium umbellatum (EES and its fractions - hexane (HF, chloroformic (CF and methanol/water fractions(MF. Several tests were used in Swiss mice (Mus musculus, among them, barbiturate-induced sleep, open field and rota-rod test. The

  9. Capacidade da matriz extracelular da medula óssea de induzir proliferação de células mielóides in vitro no modelo de desnutrição protéica em camundongos Capacity of the extracellular matrix of the bone marrow to induce proliferation of myeloid cells in vitro in model of protein malnutrition in mice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cidônia de Lourdes Vituri

    2008-09-01

    Full Text Available Este trabalho tem por objetivo verificar se a matriz extracelular (MEC obtida da medula óssea de camundongos com desnutrição protéica energética sustenta a sobrevivência, se induz proliferação de células mielóides, bem como avaliar a capacidade desta MEC de interagir com citocinas hematopoiéticas in vitro. Camundongos machos "Swiss" foram submetidos à desnutrição protéica (4% de caseína até que perdessem 20% do peso inicial e o grupo-controle foi mantido com uma dieta contendo 14% de caseína. A medula óssea foi extraída com tampão PBS suplementado com 1 mg de aprotinina/mL. Os ensaios de proliferação foram realizados com a linhagem mielóide FDC-P1, pelo método colorimétrico de redução do MTT. A MEC obtida tanto do grupo-controle como do desnutrido induziu proliferação celular in vitro. Os ensaios de interação foram realizados com IL-3 e GM-CSF na concentração de 10 ρg e 500 ρg/mL, que demonstraram efeito sinérgico e efeito regulatório, respectivamente. A MEC obtida de animais do grupo desnutrido quando submetida ao ensaio de ligação ao GM-CSF mostrou maior proliferação celular do que a MEC obtida de animais do grupo-controle (pThe aim of this study was to verify the capacity of the extracellular matrix (ECM obtained from bone marrow of malnourished mice to sustain survival and to induce the proliferation of myeloid cells. We also verified the capacity of the tests to interact with in vitro hematopoietic cytokines. Male "Swiss" mice were submitted to protein malnutrition with a diet content of '4% casein until they lost 20% of the original weight, while the group-control was kept with a diet content of 14% of casein. The bone marrow was extracted with 1.0 mg of aprotinin/mL in PBS. The proliferation tests were carried out with myeloid cell line FDCP-1, by the colorimetric method of reduction of the MTT. The obtained ECM from nourished and undernourished mice induced cellular proliferation invitro. Tests

  10. Avaliação da resposta imune humoral em cães jovens imunizados contra a cinomose com vacina de vírus atenuado

    OpenAIRE

    Luciane Biazzono; Mitika Kuribayashi Hagiwara; Antonio Roberto Corrêa

    2001-01-01

    Este estudo foi realizado com o objetivo de se investigar a cinética da resposta imune em cães jovens vacinados contra cinomose, com vírus atenuado, por meio do teste de soroneutralização. Onze cães sadios da raça Beagle, observados do nascimento até 30 meses de idade, isolados de outros cães, receberam vacina monovalente viva atenuada de cinomose canina aos 75, 105 e 135 dias de idade e doze meses após a terceira dose vacinal. O desenvolvimento de anticorpos foi mensurado pela reação de soro...

  11. Produção e caracterização de anticorpos monoclonais contra toxina épsilon de Clostridium perfringens Tipo D Production and characterization of monoclonal antibodies against Clostridium perfringens Type D epsilon toxin

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Theonys Diógenes Freitas

    2009-02-01

    Full Text Available Clostridium perfringens tipo D é o agente etiológico da enterotoxemia em ruminantes, causada pela toxina épsilon e caracterizada por edema cardíaco, pulmonar, renal e cerebral. Anticorpos monoclonais contra toxina épsilon de C. perfringens tipo D foram produzidos a partir da fusão da linhagen de mieloma P3-X63-Ag8 653 com células do baço de camundongos Balb/c imunizados com o toxóide épsilon. Seis linhagens de híbridos secretores de anticorpos monoclonais das classes e IgM e IgG foram estabelecidas.Clostridium perfringens type D is the aetiological agent of enterotoxemia in ruminants. The disease is caused by epsilon toxin characterized by cardiac, pulmonary, kidney and brain edema. Monoclonal antibodies were produced by using myeloma cell line P3-X63-Ag8 653 fused with spleen cells from Balb/c mice, immunized with epsilon toxoid of C. perfringens type D. Six hybrids were established secreting monoclonal antibodies of the IgM class and IgG3 subclass.

  12. Induction of an antigen specific gut inflammatory reaction in mice and rats: a model for human Inflammatory Bowel Disease

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gerlinde Agate Platais Brasil Teixeira

    2009-06-01

    Full Text Available Food allergy is an adverse reaction that occurs in susceptible people when they eat sensitizing foods and is one of the causes of Inflammatory Bowel Disease (IBD. The effort to understand the induction process of these diseases is important as IBD is increasing worldwide, including in Brazil. The aim of this study was to develop an experimental antigen specific inflammatory process of the gut of mice and rats, using peanut seeds. Animals were immunized with peanut protein extract before their exposure to the in natura peanut seeds. Results showed that systemic immunization with peanut protein extracts rendered significantly higher antibody titers than control groups and that immunized animals submitted to a challenge diet containing peanuts presented time dependent alterations of the gut similar to celiac disease. In conclusion, results suggested that this experimental model was a convenient tool to study the evolution of alterations in chronic antigen specific gut inflammatory process.A alergia alimentar consiste em uma reação adversa que ocorre em pessoas susceptíveis quando ingerem alimentos sensibilizantes, sendo uma das causas das Doenças Inflamatórias Intestinais (IBD. O objetivo deste estudo foi desenvolver um protocolo experimental de indução de um processo inflamatório intestinal antígeno-específico em camundongos e ratos. Foi escolhida para a indução deste processo a semente de amendoim. Os animais foram imunizados com o extrato protéico previamente à exposição com a semente in natura. Nossos resultados mostram que a imunização sistêmica com extratos protéicos de amendoim ocasiona títulos significativamente maiores de anticorpos quando comparado ao grupo controle e que os animais imunizados submetidos ao desafio com a dieta contendo exclusivamente amendoim apresentam alterações intestinais tempo-dependente similares àquelas observadas na doença celíaca. Os resultados obtidos sugerem que este modelo

  13. Development and evaluation of a recombinant DNA vaccine candidate expressing porcine circovirus 2 structural protein Desenvolvimento e avaliação de um candidato à vacina de DNA recombinante expressando a proteína estrutural do circovírus suíno

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Abelardo Silva Júnior

    2009-01-01

    ção das respostas imune humoral e celular por meio de vacinação em camundongos BALB/c. O candidato vacinal foi submetido a análises in vivo, determinando a capacidade de induzir resposta imune específica em camundongos. O DNA de um isolado brasileiro de PCV2 foi extraído e o gene que codifica para a proteína do capsídeo foi amplificado por PCR e inserido num plasmídeo de expressão. Grupos de camundongos BALB/c foram inoculados por via intramuscular e intradérmica a cada 15 dias, com 100µg e 50µg da construção vacinal, respectivamente. Outro grupo foi inoculado com 100µg do plasmídeo original, correspondente ao grupo controle. A soroconversão e a resposta celular dos grupos de camundongos BALB/c vacinados foram comparados como parâmetros de avaliação vacinal. A soroconversão foi avaliada por um teste de ELISA. Após 3 imunizações, as células esplênicas dos animais imunizados foram utilizadas nos ensaios de linfoproliferação. A soroconversão para o PCV2 foi detectada por ELISA nos animais inoculados com a construção vacinal quando comparados com o grupo controle. Nos ensaios de linfoproliferação foi observada uma grande proliferação celular nos animais inoculados comparados ao grupo controle. Portanto, o candidato vacinal demonstrou ser capaz de induzir tanto uma resposta humoral e celular nos camundongos inoculados.

  14. Carcinogenese quimica por DMBA (7,12-dimethylbenzanthracene em camundongos femeas BALB/c: novos fatos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Krishna Duro de Oliveira

    2015-06-01

    Full Text Available Polycyclic aromatic hydrocarbons are known carcinogens used in rodent experimental models. In this study, the carcinogen DMBA (7,12-dimethylbenzanthracene was administered by gavage, diluted in corn oil, to female BALB / c mice at hebdomadary doses of 1 mg per animal for 1, 3, 6 or 9 weeks. Animals were weighed and monitored weekly until death. Remaining animals were euthanized at the age of 53 weeks. At necropsy, representative fragments of neoplasms were collected and routinely processed for histopathological analysis. Of all mice that received DMBA, 68.57% developed some type of tumor. Of the 70 mice treated with various doses of DMBA, 22 (31.43% developed mammary tumors. The adenoacanthoma was the most commonly (18.75% diagnosed histological type of breast cancer. Lung (15.71%, lymphoid tissue (11.43%, stomach (7.14% and skin (2.86% were also primary sites of tumor development. One third (33.33% of the mice receiving 1 mg of DMBA developed lung cancer. Therefore, the administration of DMBA was shown to be an efficient model of carcinogenesis in mice, especially for the study of breast cancer, when using the highest dose, and lung, when using the lowest dose. Carcinogenesis models have been used for several purposes in cancer research. These results represent new facts for a classic carcinogenesis model.

  15. Estudo da articulação temporomandibular em camundongos deficientes de fator VIII

    OpenAIRE

    Patricia do Socorro Queiroz Feio

    2010-01-01

    Resumo: A hemofilia é uma doença hemorrágica hereditária ligada ao cromossomo X, decorrente da ausência ou da baixa quantidade no plasma dos fatores de coagulação Fator VIII (hemofilia A) ou do Fator IX (hemofilia B). Clinicamente, a hemofilia se caracteriza por episódios recorrentes de sangramentos profundos, que podem ocorrer espontaneamente ou em decorrência de traumatismos. O sistema músculo-esquelético é freqüentemente afetado pelos eventos hemorrágicos nos pacientes portadores de hemofi...

  16. Humoral immune response in capuchin monkeys (Cebus apella after vaccination with inactivated suckling mouse brain rabies vaccine: comparison of two schedules of immunization

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Estevão de Camargo Passos

    2005-02-01

    Full Text Available Foram vacinados contra a raiva, dois grupos de macacos-pregos adultos, com a vacina inativada preparada em cérebros de camundongos lactentes, administrada pela via intramuscular, na Fundação Parque Zoológico de São Paulo. Os animais em momento algum haviam sido imunizados contra a raiva. O grupo I consistia de nove animais, que receberam três doses de 1,0 mL nos dias 0, 30 e uma dose de reforço aos 210 dias, e o grupo II continha 10 animais que receberam duas doses de 1,0 mL no dia 0 e uma dose de reforço aos 210 dias. As amostras de sangue foram colhidas aos 0, 30º, 60º, 90º, 150º, 210º, 240º, 300º e 365º dias, e os anticorpos neutralizantes titulados pela técnica simplificada da inibição de focos fluorescentes. A vacina induziu uma resposta imune de curta duração com títulos de anticorpos neutralizantes acima de 0.5 UI/mL em ambos os grupos; entretanto a resposta imune persistiu por apenas 54,9 + 57,0 e 36,1 + 60,2 dias nos Grupos I e II respectivamente após a primo vacinação, e, por apenas 62,6 + 74,0 e 86,4 + 61,5 dias nos Grupos I e II respectivamente após o reforço. Não houve diferença estatística significante entre os grupos estudados (p >; 0,05.

  17. Efeito de bioterápico na eosinofilia durante a SLMV experimental

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Camillo

    2014-09-01

    Full Text Available O Toxocara canis (Tc é um parasito pertencente ao filo Nematódeo que possui como hospedeiro definitivo os cães, O homem é hospedeiro paratênico e contamina-se acidentalmente ao ingerir ovos contendo larvas infectantes (L3 do parasito, as quais são liberadas e atravessam a mucosa intestinal, atingem a circulação, Durante este processo migratório, antígenos de excreção e secreção (TES são liberados provocando intensa reação inflamatória, do tipo Th2, caracterizando a síndrome, denominada Larva Migrans Visceral (SLMV, As principais características desta doença crônica são as eosinofilias sanguínea e tecidual persistentes, Desse modo, torna-se importante a busca por terapias que contribuam com a redução dos quadros inflamatórios com intensa eosinofilia, Assim, o uso deste bioterápico, produzido a partir do extrato antigênico de ovos e larvas de (Tc, e seu efeito no recrutamento de leucócitos totais, células mononucleares e eosinófilos no sangue, para o espaço broncoalveolar e para a cavidade peritoneal de camundongos infectados pelo (Tc foi investigado, Foram utilizados camundongos fêmeas (Swiss, divididos nos grupos: Controle (C, Infectado (Tc, Imunizado (Im+Tc e Tratado (Tc+Bio, Os animais Tc, Im+Tc e Tc+Bio receberam 500 ovos/animal por gavagem, Posteriormente, os animais foram eutanasiados no 18º dia da infecção e o número das células nos compartimentos foi determinado, Os resultados obtidos demonstraram que, Im+Tc, assim como nos Tc+Bio tiveram redução significativa dessas células nos compartimentos analisados quando comparados grupo Tc, Assim, sugeriu-se que a bioterapia modulou negativamente o recrutamento de células inflamatórias, principalmente eosinófilos no sangue, pulmão e intestino demonstrando um potencial anti-inflamatório desse bioterápico na SLMV experimental.

  18. Efeito do uso tópico de capsaicina na mucosite intestinal induzida por 5-fluorouracil em camundongos Swiss

    OpenAIRE

    Lorrayne Gonçalves Lopes

    2014-01-01

    5-FU (5-Fluorouracil) é um agente quimioterápico chave no tratamento de diversos tipos de câncer, sendo amplamente usado contra o câncer colorretal. Mucosite intestinal com diarreia e vômito é um efeito adverso frequentemente dose-limitante da terapia com 5- FU, afetando a qualidade de vida dos pacientes e a continuidade da terapia. Capsaicina (trans-8-metil-N-vanílico-6-nonenamida) é um componente de várias espécies de pimenta, sendo responsável pela pungência dos frutos. Ela apresenta amplo...

  19. EFEITO DO DISSELENETO DE DIFENILA SOBRE A TOXICIDADE INDUZIDA POR CLORETO DE MERCÚRIO EM CAMUNDONGOS

    OpenAIRE

    Ricardo Brandão

    2008-01-01

    O mercúrio (Hg) é um elemento ainda sem função fisiológica no organismo humano, sendo tóxico aos seres vivos. Este metal possui ampla aplicação na indústria sendo, portanto, bastante importante na exposição ocupacional e ambiental. A toxicidade do mercúrio depende da forma deste metal e pode afetar inúmeros órgãos, tais como o cérebro, os rins e o fígado e, ainda, causar alterações hematológicas e imunológicas. O estresse oxidativo parece estar envolvido na toxicidade induzida ...

  20. O modelo de pseudogestação em camundongos para o estudo 'in situ' das celulas Natural Killer uterinas

    OpenAIRE

    Juares Ednaldo Romero Bianco

    2006-01-01

    Resumo: Durante o período peri-implantacional na gestação de humanos e roedores, ocorre no estroma da mucosa uterina um conjunto de fenômenos que envolvem modificações dos componentes celulares e da matriz extracelular. Este conjunto de modificações é conhecido como decidualização ou reação decidual. Concomitante a este processo ocorre a migração de leucócitos provenientes de órgão hematopoéticos para este estroma. Dentre estes leucócitos predominam as subpopulações de linfócitos denominados ...

  1. Trypanosoma (Herpetosoma rangeli Tejera, 1920: nota prévia sobre a histopatologia em camundongos infectados experimentalmente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cecilia de Scorza

    1986-10-01

    Full Text Available Ratones machos (cepa NMRI de 3 y 5 gr, inoculados i.p. con 8 x 10(6 y 9 x 10(4 metatripo- mastigotes/gr cosechados de cultivo LIT de 12 días de repique de la cepa "Perro-82" de Trypanosoma rangeli fueron procesados, em determinados períodos postinoculación, para seccionar y teñir con hematoxilina-eosina y Giemsa-colofonio trozos de corozón, hígado, bazo, pulmones, fémur, riñon, intestino, estómago, cerebro, cerebelo, esternón y columna vertebral. Se detallan los resultados preliminares sobre la histopatologia provocada por el T. rangeli en los cinco primeros órganos citados. Los tejidos conjuntivos subcutáneo, periosteal, intersticial y peribronquial, así como las miocélulas del corazón fueron altamente parasitados por amastigotes y tripomastigotes. Se discuten las posibles razones de la disminución del parasitismo tisular cuando la parasitemia se encontró en sus niveles máximos, así como la escasa inflamación obtenida en los tejidos parasitados. Las observaciones de varios autores sobre el comportamiento del protozoario en humanos y en animales de laboratorio así como los resultados descritos en este trabajo, plantean la posibilidad de que determinadas cepas de T. rangeli, en condiciones particulares, podrían causar alteraciones patológicas en el mamífero.

  2. AVALIAÇÃO DA TOXICIDADE AGUDA DO EXTRATO HEXÂNICO DE FRUTOS DE Melia azedarach (MELIACEAE EM CAMUNDONGOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hélio Bernardes Pires Júnior

    2012-12-01

    Full Text Available This study was developed aiming to evaluate the acute effects of Melia azedarach hexanic fruit extract on mice. Two treated groups, one for each dose, 300 mg/kg and 2000 mg/kg, were prepared. For each treatment group, a non-treated control group was used. All groups were composed of six animals, three of each sex. The animals were evaluated at 30 min., 1h, 2h, 4h, 6h, 12h and 24h and then daily, for 14 days after treatment, following the Hippocratic screening. At each three days weight gain and ration consumption were evaluated. Macroscopic and microscopic alterations were evaluated in the heart, kidneys, lungs, liver, spleen, intestine and brain. No alteration in the Hippocratic screening in both doses, during the 14-days interval, was observed. The mice treated with the 2000 mg/kg doses consumed fewer rations than the animals of the control group; however, weight gain was statistically similar. No statistic difference was observed between the weight of the organs, and they had no macroscopic alterations. No histopathologic alterations were found on the examined organs, for both doses, except for lung alterations such as hyperaemia, haemorrage and edema in both treated and control groups. Based on the results obtained, we conclude that the hexanic extract of M. azedarach green fruits had no acute effects against Swiss mice.

  3. Prevalência de ecto e endoparasitas em camundongos e ratos criados em biotério

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M. Cecília R. Vieira Bressan

    1997-06-01

    observed in the mice and rats from conventional colonies, but not in animals from the control colony. Mild alopecia and bristly hairs were detected in all animals from the evaluated colonies. Ectoparasites such as Myobia musculi, Myocoptes musculinus, Radfordia affinis, R. ensifera and Poliplax spinulosa were identified in the conventional colonies, in multiple and single infestations. Myobia musculi is described for the first time in rats reared in breeding colonies. Endoparasites such as Hymenolepisnana, Syphacia sp, Aspiculuris tetraptera, Tritrichomonas muris, Spironucleusmuris, Giardia muris, and Eimeria sp were observed in the conventional colonies. However, through necropsy results, in the control colony Syphacia sp and Aspiculuris tetraptera were the only parasites found. Necropsy confirmed the indication of the anal swab method for detection of Syphacia sp rather than the Willis method, and revealed the degree of infection by intestinal protozoa and Syphacia sp. H. nana and Aspiculuris tetraptera were efficiently detected by Willis method.

  4. Estudo morfológico da sínfise púbica de ratos e camundongos durante a gravidez

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flávia da Ré Guerra

    2011-10-01

    Full Text Available The objective of this study was to assess the existing differences in the pubic symphysis of female rats and mice, pregnant and non pregnant, describing the morphological alterations occurred in the joint and understanding the movements shown during pregnancy. The pubic symphysis were collected from female pregnant mice on the 6th, 12th and 18th days of pregnancy, and from rats with 18 days of pregnancy. They were fixed in paraformoldehyde and following decalcificated with Morse's solution. The samples were then, included in paraffin. Seven micrometers slices were made and stained with Picrosirius and Resorcin-Fuchsin. The Picrosirius staining had shown, in virgin female mice, the presence of thick collagen fibers different from the other groups of mice, which presented thin fibers. The analysis of elastic fibers showed that, with the progress of pregnancy there is an increase in their thickness and number. In rats with 18 days of pregnancy, an appearance of fibrous conjunctive tissue on the hyaline cartilage disc was observed, enlarging the inter-pubic space and modifying the synchondrosis structure found in the virgin animals. It was also observed an increase in diameter and amount of elastic fibers comparing to virgin rats. We conclude that the pregnant female mice's joint undergoes transformations in structure, quality and amount during the pregnancy. In pregnant rats, besides the increase of elastic fibers and the distance between the hip's bone, the joint had differred by the appearance of fibrous conjunctive tissue, thus making the birth easier.

  5. Imunogenicidade de proteínas do capsídeo do Cowpea severe mosaic virus (CPSMV Capsid protein immunogenicity of Cowpea severe mosaic virus (CPSMV

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Evando Aguiar Beserra Júnior

    2009-02-01

    Full Text Available A análise SDS-PAGE do Cowpea severe mosaic virus (CPSMV purificado revelou a migração de três frações protéicas estimadas em 43, 23 e 21 kDa, correspondentes às proteínas do capsídeo: denominadas proteína maior (43 kDa e menor (23 kDa; intacta e 21 kDa; clivada. As proteínas do capsídeo, na sua forma nativa, foram utilizadas na imunização de camundongos pelas vias oral e nasal, durante 10 dias consecutivos. As frações protéicas de 43 e 23 kDa, em sua forma desnaturada, foram utilizadas para imunização subcutânea. A resposta imunológica da mucosa foi avaliada pela proliferação celular das placas de Peyer de camundongos imunizados pela via oral com o CPSMV purificado. Ficou demonstrado que o CPSMV induz resposta imunológica, evidenciada pela síntese de anticorpos séricos, quando administrado na sua forma nativa pelas vias oral e nasal ou através de suas proteínas do capsídeo desnaturadas, pela via subcutânea. Não foi necessário o uso de adjuvantes, quer por via oral quer por via nasal. As frações protéicas de 43 e 23 kDa mostraram-se responsáveis pela imunogenicidade do vírus, como foi evidenciado pela síntese de anticorpos específicos detectados por ELISA. A análise da proliferação celular da placas de Peyer revelou um aumento (r=0,88 do número de leucócitos ao longo de 42 dias após a imunização. Esses resultados reforçam a possibilidade do uso do CPSMV como vetor seguro de antígenos de doenças humanas/animais pouco imunogênicos para produção de vacinas.SDS-PAGE analysis of purified Cowpea severe mosaic virus (CPSMV revealed the migration of three protein fractions of 43, 23 and 21 kDa, corresponding to the capsid protein called large protein (43 kDa and small protein (23 kDa; intact and 21 kDa; cleaved. The capsid proteins, in their native form, were used to immunize mice through oral and nasal routes for ten consecutive days. The denatured form of the 43 and 23 kDa protein fractions were

  6. Sistemas de liberação controlada com bupivacaína racêmica (S50-R50 e mistura enantiomérica de bupivacaína (S75-R25: efeitos da complexação com ciclodextrinas no bloqueio do nervo ciático em camundongos Sistemas de liberación controlada con bupivacaína racémica (S50-R50 y mescla enantiomérica de bupivacaína (S75-R25: efectos de la complexación con ciclodextrinas en el bloqueo del nervio ciático en ratones Drug-delivery systems for racemic bupivacaine (S50-R50 and bupivacaine enantiomeric mixture (S75-R25: cyclodextrins complexation effects on sciatic nerve blockade in mice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniele Ribeiro de Araújo

    2005-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Os efeitos adversos associados ao uso de bupivacaína levaram à procura por novos anestésicos locais (AL com perfil de bloqueio semelhante e menos tóxicos, surgindo novas preparações como a mistura enantiomérica de bupivacaína (S75-R25. Os sistemas de liberação controlada, contendo AL em carreadores como ciclodextrinas (CD, têm como objetivo melhorar a eficácia anestésica e o índice terapêutico dessas drogas. Este estudo visou a preparação, a caracterização e a avaliação da eficácia anestésica dos complexos de inclusão da mistura enantiomérica da bupivacaína (S75-R25 e da bupivacaína racêmica (S50-R50 com hidroxipropilb-ciclodextrina (HPb-CD comparando-os com as preparações atualmente utilizadas na clínica. MÉTODO: Os complexos de inclusão foram preparados misturando-se quantidades apropriadas de HPb-CD e S50-R50 ou S75-R25 nas razões molares (1:1 e 1:2 e caracterizados por estudos de solubilidade de fases. Determinaram-se as constantes de afinidade (K de cada AL pela HPb-CD. Os bloqueios motor e sensorial induzidos pelas drogas livres e complexadas foram avaliados, em camundongos, através do bloqueio do nervo ciático. Para a realização dos experimentos, utilizaram-se três concentrações de AL: 0,125%; 0,25% e 0,5%. RESULTADOS: Os estudos de solubilidade indicaram a formação de complexos de inclusão de S50-R50 e S75-R25 com HPb-CD, com valores de constante de afinidade (K similares para os dois anestésicos: 14,7 M-1 (S50-R50:HP-bCD e 14,3 M-1 (S75-R25:HP-bCD. Os testes em animais mostraram que a complexação potencializou o bloqueio nervoso diferencial induzido pelos AL: i a duração do bloqueio motor induzido por S75-R25 foi similar à do S50-R50, mas menos intenso (p JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Los efectos adversos asociados al uso de bupivacaína llevaron a la búsqueda por nuevos anestésicos locales (AL con perfil de bloqueo semejante y menos tóxicos, surgiendo nuevas

  7. Respostas metabólicas em camundongos submetidos à dieta indutora de obesidade e alimentados com iogurtes probióticos e yacon (Smallanthus sonchifolius)

    OpenAIRE

    Pereira, Juciane de Abreu Ribeiro

    2013-01-01

    Muitas pesquisas têm sido realizadas na busca de terapias alternativas para a obesidade, a qual caracteriza-se por estado inflamatório que interfere em vários processos metabólicos, modificando perfil lipídico e glicêmico, podendo causar dislipidemias e resistência à insulina. Os alimentos com alegação de propriedades funcionais se destacam nesse contexto, a exemplo de iogurtes probióticos e raiz tuberosa de yacon (Smallanthus sonchinfolius). O presente trabalho objetivou avaliar os efeitos d...

  8. Avaliação do efeito do extrato etanólico bruto de Harpagophytum procumbens em camundongos infectados com Toxocara canis

    OpenAIRE

    Sandra Regina Pereira de Oliveira

    2012-01-01

    A Síndrome da Larva Migrans Visceral (SLMV) é uma parasitose, causada pelo Toxocara canis, um dos helmintos mais freqüente em cães. Nos hospedeiros definitivos, se apresentam em diferentes formas morfológicas, ovos embrionados, adultos machos e fêmeas. Entretanto, nos hospedeiros não habituais (ex.: homem e roedores), apresentam-se apenas no estádio de larvas infectantes (L3) e não completam seu ciclo biológico. A infecção no homem ocorre pela ingestão acidental de ovos larvados, que no intes...

  9. Valores de referência hematológicos e bioquímicos para camundongos das linhagens C57BL/6, Swiss Webster e BALB/c

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ed Wilson Santos

    2016-06-01

    Full Text Available The use of animals in scientific research has contributed significantly to the development of science, promoting various advances in understanding the metabolic machinery and the discovery of treatments and preventive measures applied to human and veterinary medicine. The development and use of alternative methods is encouraged; however, in some situations, the use of animals in accordance with ethical policies is still required. Established hematological and clinical chemistry reference values in laboratory animals are essential to evaluate functional changes; however, there are few data in the literature on these values, being fundamentally a comparative basis. The aim of this investigation was the establishment of hematological and clinical chemistry reference values in common strains/stocks of mice used in animal experimentation. Blood profile (hemogram, reticulocytes and myelogram and clinical chemistry serum determination of total protein, albumin, glucose, cholesterol, triglycerides, calcium and phosphorus were evaluated using C57BL/6, BALB/c and Swiss Webster mice, male, 2-3 months old. The results standardize reference intervals in animals reared in Laboratory Animal Facility, reflecting the expected condition in rodents subjected to scientific research.

  10. Skin graft influence in human tissue radiated in nude mice regeneration; Influencia do enxerto de pele humana irradiada na regeneracao tecidual de camundongos nude

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Miranda, Jurandir Tomaz de

    2016-07-01

    Over the last few years it has increased the interest in the human skin grafts radio sterilized for application mainly in extensive and deep burns. Because these grafts quickly grip and present antigenic lower potential, compared with other treatments used. The purpose of this study was to evaluate the histoarchitecture of human skin grafts irradiated with doses 25 kGy, 50 kGy and non-irradiated during the repair tissue process in nude mice submitted by skin grafting in the dorsal region. Three groups of animals received irradiated human skin grafts (25 kGy and 50 kGy) and non-irradiated and were euthanized on the 3{sup rd}, 7{sup th} and 21{sup th} day after the surgery. Indeed, routine histologic procedures, tissue samples were stained with hematoxylin and eosin (HE) for quantification of keratinocytes, fibroblasts, immune cells and blood vessels and immunofluorescence (IF) was performed to determine the expression human collagen type I and collagen type I and III mouse. Therefore, quantification of both the cells and the collagen types was performed by image analysis using Image-Pro Plus 6.0 software. Histologic results demonstrated at a dose of 25 kGy that human skin irradiation when grafted influences the increase in the number of cells in wound site over time and it provides better dispersion of these cells. In addition, on the 21{sup st} day, three groups of animals with human skin graft were embedded part of the graft in the healing process. On the other hand, the group not irradiated showed greater incorporation of the graft (43 %), but less production of collagen type III mouse (22 %). Since the groups irradiated skin graft showed lower graft incorporation (6 and 15%), but with greater production of collagen type III mice (35 % and 28 % to 25 kGy and 50 kGy, respectively). In conclusion, this study presented that the group irradiated to 25 kGy and it has a higher cell proliferation and vessel formation, and better remodeling of the healing area. (author)

  11. Reinfecções com cepas do Trypanosoma cruzi de diferentes biodemas como fator agravante da miocardite e miosite em camundongos

    OpenAIRE

    Andrade, Sonia Gumes; Campos, Rozália Figueira; Sobral, Karina Souza Castro; Magalhães, Juracy Barbosa; Guedes, Ricardo S. Pereira; Guerreiro, Marcos Lázaro

    2006-01-01

    Reinfections with Trypanosoma cruzi in patients from endemic areas have been claimed to be an aggravation factor of cardiac manifestations in Chagas' disease. In the present study, the influence of triple infections with strains of different biodemes, on cardiac and skeletal muscle lesions was experimentally tested. Fifty eight mice chronically infected with the Colombian strain (Biodeme Type III) were successively reinfected as follows: 1st group - reinfected with 21 SF strain (Type II) foll...

  12. Estudo do Efeito do Ãcido CinÃmico e Cinamato de Metila no Metabolismo GlicolipÃdico em Camundongos

    OpenAIRE

    Aline Maria Parente de Freitas

    2014-01-01

    As dislipidemias e o diabetes apresentam-se como importantes fatores de risco nas doenÃas cardiovasculares. Quando se associa ao estresse oxidativo podem acelerar a progressÃo das lesÃes aterosclerÃticas. Estudos com produtos naturais fornecem dados interessantes no controle dessas doenÃas. No presente estudo foram utilizados dois compostos derivados da canela, o Ãcido cinÃmico (AC) e cinamato de metila (CM), semelhantes estruturalmente e com atividades biolÃgicas e farmacolÃgicas jà descrita...

  13. Análise da freqüência de eritrócitos policromáticos micronucleados em camundongos (Mus domesticus domesticus), tratados com enzicoba (COBAMAMIDA)

    OpenAIRE

    Pereira, Érica Valentini Pepeliascov; Kroll, Benedito Lúcio; Souza, Edislane Barreiros de

    2008-01-01

    O anabolizante Enzicoba possui como princípio ativo a Cobamamida ou Coenzima da Vitamina B12 que é umcofator presente, em condições fi siológicas, nos tecidos de várias espécies animais (inclusive no homem), que pode interferirnos processos metabólicos da síntese protéica, essencial para o crescimento corpóreo e para o eutrofi smo do parênquimahepático. Tal composto estimula o anabolismo celular em todos...

  14. Efficacy of drugs against Giardia muris in mice Mus musculus naturally infected/
    Eficácia de drogas contra Giardia muris em camundongos Mus musculus naturalmente infectados

    OpenAIRE

    Silvia Gonzalez Monteiro; Régis Adriel Zanette; Camila Belmonte Oliveira; Marcos Kipper da Silva; Aleksandro Schafer da Silva

    2008-01-01

    This study aimed to evaluate the efficacy of metronidazole, fenbendazole and secnidazole against Giardia muris in mice naturally infected. Forty mice of the species Mus musculus were divided in four groups of ten each, being group A non treated, the control group and groups B, C and D treated with 4mg/ml of metronidazole, fenbendazole and secnidazole, respectively. Two feces collection, on day 0 and on day 10 after treatment, were done in order to evaluate the efficacy of the drugs. Samples w...

  15. Alterações estruturais na mucosa jejunal de camundongos infectados com Schistosoma mansoni, alimentados com dietas hipo ou hiperprotéicas

    OpenAIRE

    Couto, Janira Lúcia Assumpção; Ferreira, Haroldo da Silva; Rocha, Dinalva Bezerra da; Duarte, Maria Eugênia Leite; Assunção, Monica Lopes; Coutinho, Eridan de Medeiros

    2002-01-01

    The effects of high and low-protein diets on the structure of the jejunal mucosa were studied in Schistosoma mansoni infected mice (morphology and histomorphometry). Weaning male albino mice were infected with 80 cercariae, fed with high (20%) or low-protein (5%) diets and compared to uninfected controls under the same conditions. Mice were sacrificed 12 weeks after infection. Animals submitted to a low-protein diet showed lower weight curves, mainly when infected. In the jejunal mucosa, fing...

  16. PAPEL DO RECEPTOR B2 DAS CININAS E DA NADPH-OXIDASE NO DANO SECUNDÁRIO ASSOCIADO AO TRAUMATISMO CRANIOENCEFÁLICO EM CAMUNDONGOS

    OpenAIRE

    Ana Paula de Oliveira Ferreira

    2013-01-01

    O traumatismo crânio encefálico (TCE) é uma das maiores causas de morte e de incapacitação, resultando frequentemente em disfunções neurológicas e prejuízo cognitivo. Neste contexto, tem sido demonstrado que a bradicinina, o principal metabólito do sistema calicreína-cininas, está envolvida no aumento da permeabilidade da barreira hematoencefálica, na formação de edema e no acúmulo de leucócitos induzidos pelo TCE. Achados experimentais também indicam uma interconexão entre os receptores das ...

  17. A administração aguda de cafeína previne o comprometimento da memória pela escopolamina em camundongos adultos

    OpenAIRE

    Paulo Henrique Saldanha Botton

    2011-01-01

    A cafeína é a substância psicoestimulante mais consumida no mundo todo. Muitos estudos já foram realizados avaliando os seus benefícios sobre as funções cognitivas. Algumas evidências sugerem a participação do sistema colinérgico nos efeitos da cafeína, mas os estudos ainda são incipientes. O objetivo desse estudo foi verificar os efeitos da administração aguda de cafeína frente ao bloqueio dos receptores colinérgicos muscarínicos pela administração do antagonista não-seletivo escopolamina. C...

  18. Development of IgY antibodies in chickens and IgG in rabbits immunized against proteins of Pythium insidiosum isolated from horses in the state of Rio de Janeiro Desenvolvimento de Anticorpos IgY em galinhas e IgG em coelhos imunizados contra proteínas de Pythium insidiosum isolado de equinos no Estado do Rio de Janeiro, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Fabíola Nunes Rangel

    2010-01-01

    Full Text Available Pythiosis is caused by Pythium insidiosum and the occurrence of disease in horses was described in the North and Northwest State of Rio de Janeiro, Brazil. The disease was described in cattle, sheep, humans, and horses in different states and regions across the country. This paper describes the development of IgY and IgG polyclonal antibodies, in chicken and rabbits, respectively against proteins extracted from kunkers and hyphae of P. insidiosum from affected horses. The proteins were recognized by chicken, rabbit and horse antibodies by immunodiffusion and Western blot against majority bands of 27 and 43 KDa, and titrated by ELISA. The antibodies IgY developed by the first time against Brazilian strains of P. insidiosum may represent a valuable tool in the detection of antigens of the pathogen and contribute to further studies aimed at immunotherapy and knowledge about this disease in endemic areas in Rio de Janeiro and in Brazil.Pitiose é causada por Pythium insidiosum e a doença foi descrita em equinos no Norte e Noroeste do Estado do Rio de Janeiro, Brasil. A doença foi descrita em bovinos, ovelhas, humanos e cavalos em diferentes estados e regiões do país. Este trabalho descreve o desenvolvimento de anticorpos policlonais, IgY e IgG, em galinha e coelho, respectivamente, contra proteínas extraídas de kunkers e hifas de P. insidiosum de cavalos doentes. As proteínas foram reconhecidas por anticorpos de galinha, coelho e cavalos contra as bandas majoritárias de 27 e 34 KDa em imunodifusão e Western blot tituladas por ELISA. Os anticorpos IgY desenvolvidos pela primeira vez contra cepas brasileiras de P. insidiosum podem representar um valioso instrumento na detecção de antígenos de patógenos e contribuem para novos estudos baseados na imunoterapia e no entendimento sobre esta doença em áreas endêmicas no Rio de Janeiro e em todo o país.

  19. Ação do soro de cabra anti-soro de coelho imunizado ou não com células linfóides do doador sobre o alotransplante cardíaco em ratos: immunosupression of goat antiserum against rabbit serum immunized or not with donor lymphoid cells Cardiac allograft in rats

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Haylton Jorge Suaid

    2002-01-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A rejeição imunológica é uma das principais causas da perda de órgãos transplantados. A tentativa do controle da reação imunológica é clinicamente feita através da imunossupressão inespecífica e experimentalmente também por bloqueio específico. O alotransplante cardíaco em ratos pela técnica de ONO,K é um bom método para avaliação clínica da rejeição e de estudos voltados para o controle da rejeição. Objetivo : estudar o efeito de um anti-antisoro linfocitário, anti-linfócitos do doador sobre a rejeição do alotransplante cardíaco de ratos Wistar para ratos Holtzman. MÉTODOS: o soro anti-linfocitário (SAL foi obtido através da imunização de coelhos com linfócitos obtidos de gânglios linfáticos da cadeia mesentérica de ratos Wistar, em solução de Tyrode, contendo 3x10(9 células/ ml. A inoculação de 3 coelhos foi feita com 1 ml da suspensão celular e 1 ml de adjuvante completo de Freund. Duas semanas após a primeira inoculação fez-se 4 doses semanais de reforço. Os coelhos foram sangrados na 5ª semana, quando então foram separados os soros. A titulação dos soros foi realizada pelo teste de citotoxicidade, sendo verificado que ambos apresentaram título de 1:1024. A dosagem de proteínas mostrou albumina com 3,1 e 2,7 g% e globulinas com 3,5 e 2,9 g%, sendo o normal 3,7 e 2,2 g% respectivamente. Os dois SAL foram misturados. Duas cabras foram inoculados, com 3 ml da mistura desses SAL, associados a 2 ml de adjuvante de Freund. As doses de reforço com 5 ml do SAL foram iniciadas 2 semanas após. A cabra A recebeu 8 doses (1,4 g de globulinas. A cabra B recebeu 4 doses de reforço (0,7 g de globulinas. Uma semana após a última inoculação retirou-se 125 ml de sangue de cada cabra, fazendo a separação dos anti-soro anti-SAL (ASAL. Uma terceira cabra C foi imunizada com soro normal de coelho. A determinação de precipitinas foi feita pelo método de OUCHTERLONY. O ASAL A teve título de 1:64 e B e C título de 1:128. Os ASAL A e B foram capazes de bloquear "in vitro" a atividade citotóxica do SAL até a diluição de 1:2 do SAL. O soro de cabra anti-soro normal de coelho (SCANC não foi capaz de bloquear a citotoxicidade do SAL. Os animais submetidos a transplante cardíaco foram divididos em 2 grupos controles um normal com 10 ratos (C1 e outro (C2 com 5 ratos que recebeu 1,0 ml endovenoso de SCANC. O grupo de ratos testes A foi composto por 19 ratos distribuídos em 3 subgrupos. Subgrupo A1 com 5 ratos recebeu 0,5 ml do ASAL A, via endovenosa, logo após a cirurgia,o subgrupo A2 com 7 ratos recebeu 1.0 ml do ASAL A nas mesmas condições e o subgrupo A3 também com 7 ratos recebeu 1,0 ml no dia da cirurgia e 1,0 ml nos outros 2 dias consecutivos. O grupo de ratos testes B que recebeu o ASAL B foi igual ao grupo A. A avaliação dos corações transplantados foi diária através da palpação abdominal. O tempo máximo de seguimento foi de 243 dias. Os corações considerados rejeitados foram retirados e feito estudos histológicos. RESULTADOS: o período de rejeição dos grupos foi : controles C1 e C2 foram 11,9 e 14,6 dias, respectivamente; no subgrupo A1 apenas um rato teve sobrevida cardíaca significante (153 dias, nos demais ela variou de 9 a 15 dias; no subgrupo A2 a sobrevida do coração foi significante e variou de 23 a 230 dias; no subgrupo A3 apenas 5 corações tiveram sobrevida significante que variou de 29 a 190 dias. A sobrevida dos corações transplantados do grupo B foi significante para um animal de cada subgrupo (120,132 e 129 dias. Os corações com sobrevida longa foram retirados batendo. Os demais corações foram rejeitados dentro do período de variação dos grupos controles. CONCLUSÕES: O soro de cabra anti-soro anti-linfócitos do doador, com maior período de imunização, foi capaz de bloquear a resposta imune de rejeição dos corações transplantados nas doses de 1,0 e 3,0 ml. Os ratos que não promoveram a rejeição aguda dos corações transplantados não apresentaram anticorpos citotóxicos circulantes. O fator causador do bloqueio parace n��o estar vinculado aos bloqueios de citotoxicidade "in vitro" e do teor de precepitinas do SAL.OBJECTIVE: To study the immunosupression efficacy an specific anti-antilymphocytic serum prepared in goats in a model of cardiac allografts in rats. METHODS: Three rabbits were immunized with lymphoid cells obtained from mesenteric lymphatic nodes of Wistar rats. Each one received subcutaneously 3x10(9 cells mixed with Freund's adjuvant. After 2 weeks, they were injected with the same amount of cells at weekly intervals for 4 additional times. In the 5th week they were bled and their serum were mixed. This serum, which had a cytotoxic titer of 1:1024, was used to immunize 2 goats that gave rise to the anti-antilymphocytic serum (AAS-1 and AAS-2. As control we immunized 1 additional goat with normal rabbit serum (ANS. The gel diffusion technique (AAS x rabbit serum showed precipitation bands against till the following dilution: AAS-1 - 1/64, AAS-2 - 1/128 and ANS 1/124. Both AAS were able to block the in vitro lymphocytotoxity of goat antilymphocytic serum till dilution of 1:2 while ANS did not. The hearts from Wistar rats (donors were transplanted in Holtzman rats. The transplanted rats were divide in groups: C1 - 11 animals (control that received no serum; C2 - 5 animals (control that received 1ml of goat normal serum; A- 19 animals - A1 with 5 rats injected intravenously in the day of surgery with 0.5ml of AAS-1, A2 with 7 rats injected with 1ml of AAS-1 only in the of surgery, and A3 with 7 rats that received 1ml of AAS-1 in days 0, 1 and 2 postoperatively; and group B with 19 rats (B1, B2 and B3 treated as group A except with the AAS-2 serum. RESULTS: Mean heart survival in groups C1 and C2 was respectively 11.9 and 14.6 days Survival range in the subgroups A1 and A2 were respectively 9 to 230 days and 23 to 230 days. In subgroup A3 heart survival was prolonged till 29 to 190 days in 5 animals. In group B only 3 animals had prolonged (120, 130 and 129 days heart survival in comparison with the control groups. CONCLUSION: Anti-antilymphocytic serum against donor antigen is able to suppress rejection of cardiac allograft in rats.

  20. Production of polyclonal antibodies for lectin from Anticarsia gemmatalis hemolymph Produção de anticorpos policlonais para lectina de hemolinfa de Anticarsia gemmatalis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mario Augusto Ono

    2005-10-01

    . gemmatalis. A atividade de lectina de hemolinfa de lagartas de A. gemmatalis foi avaliada frente a hemácias humanas, de coelho, camundongo, carneiro e boi em ensaio de hemaglutinação. Apenas as hemácias de bovino não foram aglutinadas pela lectina. As hemácias de coelho apresentaram maior reatividade com a lectina (1:512 e portanto os anticorpos policlonais foram produzidos em coelho imunizado com hemácias autólogas sensibilizadas com lectina. O anticorpo anti-lectina apresentou título de 1:8 em reação de precipitação em gel. Assim, nesse estudo foi possível produzir anticorpos para lectina de A. gemmatalis sem necessidade de emprego de técnicas dispendiosas de purificação.  

  1. Immunogenicity and antigenicity of the recombinant EMA-1 protein of Theileria equi expressed in the yeast Pichia pastoris Imunogenicidade e antigenicidade da proteína recombinante EMA-1 de Theileria equi expressa em Pichia pastoris

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leandro Q. Nizoli

    2009-06-01

    monoclonal e anticorpos policlonais obtidos de equinos naturalmente infectados com T. equi. A imunogenicidade da proteína rEMA-1 foi demonstrada por RIFI utilizando soro de camundongos imunizados com proteína recombinante usando hidróxido de alumínio como adjuvante. Todos os animais vacinados com rEMA-1 desenvolveram uma alta resposta específica de anticorpos. Esses resultados sugerem que rEMA-1 expressa em P. pastoris possa ser um candidato para ser usado como antígeno para diagnóstico imunológico bem como antígeno para vacinas.

  2. Obtenção e caracterização de anticorpo monoclonal murino anti-fator VIII da coagulação sangüínea Attainment and characterization of murine monoclonal anti-factor VIII antibodies

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosana Rossi-Ferreira

    2006-06-01

    Full Text Available Entre os avanços da engenharia celular e biotecnologia nas últimas décadas, destaca-se a produção de anticorpos monoclonais murinos (AcMm utilizados no aprimoramento diagnóstico nas rotinas laboratoriais. A produção de fator VIII de alta pureza sempre foi o desejo e a preocupação das indústrias de hemoderivados para tratamento de pacientes portadores de hemofilia A, porém este produto inexiste no Brasil, sendo necessária sua obtenção no mercado internacional a custos elevados. O trabalho tem por objetivo a produção de AcMm anti-fator VIII humano (FVIII H através da expansão dos clones e caracterização imunoquímica do anticorpo. Camundongos Balb/c foram imunizados com FVIII H purificado como também proveniente de crioprecipitado e as células esplênicas dos animais foram fusionadas com células mielomatosas murinas segundo o método descrito por Kohler e Milstein para produção de híbridos em cultura. Foram testados 1.983 híbridos dos quais 105 foram submetidos à clonagem. Destes, 39 obtiveram monoclonalidade e 7 destes clones foram caracterizados através de técnicas de immunoblotting. Foram submetidas à purificação por cromatografia três imunoglobulinas de diferentes classes pertencentes aos clones LAMB1-10A1A4, LAMB1-17A1A1 e LAMB1-24A2A1. A imunoglobulina purificada pertencente ao clone LAMB1-10A1A4 foi adsorvida em coluna de imunoafinidade para purificação de concentrado de FVIII proveniente de crioprecipitado plasmático.Among the advances in cellular engineering and biotechnology over the last decades, the production of murine monoclonal antibodies (AcMm, used to improve laboratory diagnoses, stands out. The production of very pure factor VIII has always been a concern of suppliers of blood products to treat patients with hemophilia A and this product is still not produced in Brazil. Hence, it can only be attained on the international market at a high cost. The aim of this work was to produce AcMm anti

  3. Efeitos da suplementação de probióticos na prevenção da obesidade e suas complicações em camundongos Swiss

    OpenAIRE

    Renata Alvares Bagarolli Zambon

    2013-01-01

    Resumo: A obesidade é caracterizada por processo inflamatório crônico e resistência à insulina (RI), os quais são responsáveis por grande parte de suas doenças associadas. Sabe-se que diversas moléculas do sistema imune inato estão associadas à RI e obesidade, destacando-se o receptor toll-like-receptor 4 (TLR4). Sua via de sinalização está ativada na obesidade, devido à presença aumentada na circulação de seu principal ligante, lipopolissacarídeo (LPS). Acredita-se que esta endotoxemia metab...

  4. Sinalização autofágica e níveis de miostatina em modelo de hipertrofia cardíaca fisiológica em camundongos

    OpenAIRE

    Graziela Hünning Pinto

    2014-01-01

    A hipertrofia cardíaca é caracterizada pelo aumento do músculo cardíaco devido aumento das dimensões dos cardiomiócitos. Em condições fisiológicas ou patológicas a hipertrofia está relacionada com o aumento da força do coração, provocando alterações nas células miocárdicas. O exercício ativa a via da proteína Akt relacionada à sobrevivência celular em resposta ao exercício e atua sobre a proteína quinase mTOR, ocasionando síntese proteica e hipertrofia. A mTOR participa da proliferação e cres...

  5. Elements determination of clinical relevance in biological tissues Dmd{sup mdx}/J dystrophic mice strains investigated by NAA; Determinacao de elementos de relevancia clinica em tecidos biologicos de camundongos distroficos Dmd{sup mdx}/J por AAN

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Metairon, Sabrina

    2012-07-01

    In this work the determination of chemistry elements in biological tissues (whole blood, bones and organs) of dystrophic mice, used as animal model of Duchenne Muscular Dystrophy (DMD), was performed using analytical nuclear technique. The aim of this work was to determine reference values of elements of clinical (Ca, Cl, K, Mg, Na) and nutritional (Br and S) relevance in whole blood, tibia, quadriceps and hearts from Dmdmdx/J (10 males and 10 females) dystrophic mice and C57BL/6J (10 males) control group mice, using Neutron Activation Analysis technique (NAA). To show in more details the alterations that this disease may cause in these biological tissues, correlations matrixes of the DMD{sup mdx}/J mouse strain were generated and compared with C57BL/6J control group. For this study 119 samples of biological tissue were irradiated in the IEA-R1 nuclear reactor at IPEN (Sao Paulo, Brazil). The concentrations of these elements in biological tissues of Dmd{sup mdx}/J and C57B/6J mice are the first indicative interval for reference values. Moreover, the alteration in some correlation coefficients data among the elements in the health status and in the diseased status indicates a connection between these elements in whole blood, tibia, quadriceps and heart. These results may help the researchers to evaluate the efficiency of new treatments and to compare the advantages of different treatment approaches before performing tests in patients with muscular dystrophy. (author)

  6. Response pattern's of immunoglobulins evaluation in different lineages of mice infected with T. cruzi; Avaliacao do padrao de resposta de imunoglobulinas em diferentes linhagens de camundongos frente a infeccao por T.cruzi

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Silva, Andreia dos Santos

    2006-07-01

    The present work has employed different mice lineages (A/J, C57BL/6, B6AF1, BXA1 and BXA2) that were challenged with different doses of T. cruzi. The objective was to evaluate the pattern of immunoglobulins response presented by resistant and susceptible mice to T. cruzi as well as the lineages developed from the matting between them. So that evaluation was done by using lineages serums' sample, analyzed by ELISA's method. In agreement with the results observed all the lineages presented higher response to IgG2a and IgG2b, if compared with the titles to IgG1. IgG1 immunoglobulins involve a type Th2 pattern response which expressed allergic immunological responses, while IgG2 involves a pattern response Th1 that expresses cellular immunological response. The different lineages used in this research also presented different immunological response pattern by the infection with T. cruzi. Mice of the lineage C57BL/6 are resistant to the infection, while the animals of the lineage A/J are susceptible. The animals of the lineage B6AF1 are more resistant to the infection than their original parental C57BL/6. The immunological response developed by hybrid mice present traces of both susceptible and resistant parental A/J and C57BL/6, respectively. The animals of the lineage BXA1 can be considered resistant to the infection, but they don't present the same control as that presented by those of the lineages B6AF1 and C57BL/6. The animals of the lineage BXA2 can be considered susceptible to the infection, but they can control it for a long period, surviving like this, longer than the animals of the lineage A/J. In addition it was observed that the IgG2b immunoglobulins are very important to the resistance of mice to T. cruzi infection. (author)

  7. Technique of the `in vitro` fertilization and the culture of mouse embryos at preimplantation; Tecnica de fertilizacao `in vitro` e cultura de embrioes de camundongo durante a pre-implantacao

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Kikuchi, Olivia Kimiko [Instituto de Pesquisas Energeticas e Nucleares (IPEN), Sao Paulo, SP (Brazil); Yamada, Takeshi [National Inst. of Radiological Sciences, Chiba (Japan)

    1993-03-01

    The mammal embryo is an intensive cellular proliferating system, very radiosensitive and therefore adequate to the study of the biological effects of ionizing radiation. The technique of the in vitro fertilization and the culture of mouse embryos at preimplantation period, modified by Yamada et al (1982) to improve the efficiency of more than 95% of blastocyst formation is described. (author) 2 refs., 7 figs.

  8. Evaluation of low intensity laser effects in the thyroid glands region of male mice; Avaliacao dos efeitos do laser em baixa intensidade na regiao da glandula tireoide de camundongos

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Azevedo, Luciane Hiramatsu

    2002-07-01

    Recent studies have demonstrated that the infra-red laser can cause alterations in thyroid glands. Their normal activity must be preserved, as they produce the thyroidal hormones triiodothyronine (T{sub 3}) and thyroxine (T{sub 4}), that stimulate the oxidative metabolism, essential to maintain a healthy organism. The increase or diminution of these hormones results in alteration of the mitochondria's activity, that determines the secondary effects in the metabolism. The purpose of this study was to evaluate if there was any alteration of the thyroidal hormones plasma levels under irradiation from infra-red laser, with energy density of 4J/cm{sup 2}, in the region of thyroid glands of male mice. It was concluded that there was an hormonal level alteration statistically significant between the first day of irradiation and seven days after the last application. Histological studies showed that there was no morphological changes in histological sections of thyroid glands. The optical absorption spectroscopy of mice's serum presented a peak at approximately 280 nm, attributed to tyrosine (this is the amino acid compounding these hormones). (author)

  9. In vivo evaluation of Fe in the human skin and swins mice skin through the X-rays fluorescence technique; Avaliacao in vivo de Fe na pele humana e de camundongos swins atraves da tecnica de fluorescencia de raios X

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Estevam, Marcelo

    2005-07-01

    Recent technological improvements allow the method of in vivo XRF to supply useful sensibility for diagnostics or monitoring in biomedical applications. In cases of hereditary sanguine disorders as the {beta}-Thalassaemia or a genetic disorder like Haemochromatosis, there is a high concentration of elements as Fe, Zn and Cu in the skin and internal organs, due to the treatment of those abnormalities or due to the own dysfunction caused by the disease. The levels of Fe related to the patient bearers of the {beta}-Thalassaemia are determined, at the moment, measuring a protein in the sanguine current, called ferritin. The monitoring of the protein is ineffective in several situations, such as when the patient suffers any disturbance of health. Nowadays, the main forms of measuring the levels of those metals through hepatic storage are the biopsy of the liver, that is invasive and potentially dangerous, presenting a rate of mortality of 0,1%, and through magnetic susceptibilities that employs a quantum superconductor, which is highly expensive and there are only three main world medical centers with this equipment. This work investigates the use of a Si PIN-diode detector and a 238Pu source (13 and 17 keV; 13%; 95.2 mCi; 86y) for the measurement of Fe skin levels compatible with those associated to the disease {beta}-Thalassaemia. XRF spectra were analyzed using a set of AXIL-WinQXAS programs elaborated and disseminated by the IAEA. The determination coefficient of the calibration model (sensitivity curve) was 0.97. Measurements on skin phantoms containing concentrations of Fe in the range from 15 to 150 parts per million (ppm), indicate that we are able to detect Fe at levels of the order of 13 ppm, using monitoring periods of 50 seconds and skin entrance dose less than 10 mSv. The literature reports skin Fe levels from 15.0 to 60.0 ppm in normal persons and from 70 to 150 ppm in thalassaemic patients. So, the employed methodology allows the in vivo measurement of the skin Fe concentration in wanted levels. (author)

  10. Study of uptake and endocytosis of gamma rays-irradiated crotoxin by mice peritoneal macrophages; Avaliacao do mecanismo de captacao e endocitose de crotoxina submetida a acao da radiacao, por macrofagos peritoneais de camundongos

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Cardi, Bruno Andrade

    1999-07-01

    The purpose was to investigate the uptake and endocytosis of 2000 Gy {sup 60}Co irradiated crotoxin through mouse peritoneal macrophages, correlating with native one and another non related protein, the ovalbumin. Native (CTXN) or 2000 Gy {sup 60} Co {gamma}-rays (dose rate 540 Gy/hour) irradiated crotoxin (CTXI) or ovalbumin processed of same manner (OVAN - OVAI) were offered to mouse peritoneal macrophages and their uptake was evaluated by immunohistochemistry and quantitative in situ ELISA. The involvement of scavenger receptors (ScvR) was evaluated by using blockers drugs (Probuco-PBC or Dextran Sulfate - SD) or with nonspecific blocking using fetal calf serum (FBS). The morphology and viability of macrophages were preserved during the experiments. CTXI showed irradiation-induced aggregates and formation of oxidative changing were observed on this protein after gamma rays treatment. By immunohistochemistry we could observe heavy stained phagocytic vacuole on macrophages incubated with CTXI, as compared with CTXN. Quantitatively by in situ ELISA, the sema pattern was observed, displaying a 2-fold CTXI incorporation. In presence of PBC or SD we could find a significant decrease of CTXI uptake but not of CTXN. However the CTXN uptake was depressed by FBS, not observed with CTXI. OVA, after gamma rays treatment, underwent a high degradation suffering a potent incorporation and metabolism by macrophages, with a major uptake of OVAI in longer incubation (120 minutes). Gamma rays ({sup 60} Co) produced oxidative changes on CTX molecule, leading to a uptake by ScvR-mice peritoneal macrophages, suggesting that the relation antigen-presenting cells and gamma rays-modified proteins are responsible for the better immune response presented by irradiated antigens. (author)

  11. Toxoplasma gondii vs ionizing radiation: intestinal immunity induced in C57bl/6j mice by irradiated tachyzoites; Toxoplasma gondii vs radiacao ionizante: estudo da imunidade intestinal em camundongos C57Bl/6j experimentalmente vacinados com taquizoitos irradiados

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Galisteo Junior, Andres Jimenez. E-mail: galisteo@usp.br

    2004-07-01

    We study the oral route for the development of a vaccine for toxoplasmosis, using parasites irradiated with 60 Cobalt, as an alternative for vaccine development to this worldwide parasitic infection. We evaluated the development of immunity at serum or mucosal levels, and their efficiency in protect the mice against challenge with oral cysts of the Me-49 strain. C57Bl/6j isogenic mice were immunized by oral route with 107 255 Gy irradiated tachyzoites from RH strain, at several protocols using milk as anti-peptic adjuvant and alum hydroxide as antacid. The preparations of irradiated tachyzoites induced production of serum IgG and IgA in immunized mice, as determined by ELISA, with IgG2a as the dominant subclass, similar to chronic infection. Their use with adjuvant allowed the excretion of significant amounts of IgA in stools also IgG, despite a lesser extent. There are suggestion of tolerance induction at mucosal level, with lower antigen induced proliferation and lower in vitro antibody production by spleen and gut lymphocytes, with the latter doses, specially when milk was used as adjuvant. All oral preparations induced some quantitative protection against challenge, which was similar to the parenteral route only isolated alum hydroxide was used as adjuvant. All these data support the possibility of the development of an oral vaccine against toxoplasmosis, using irradiated tachyzoites, which would be possible tool in near future for use in field baits, for immunizing either domestic or wild felines. (author)

  12. Response pattern's of immunoglobulins evaluation in different lineages of mice infected with T. cruzi; Avaliacao do padrao de resposta de imunoglobulinas em diferentes linhagens de camundongos frente a infeccao por T.cruzi

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Silva, Andreia dos Santos

    2006-07-01

    The present work has employed different mice lineages (A/J, C57BL/6, B6AF1, BXA1 and BXA2) that were challenged with different doses of T. cruzi. The objective was to evaluate the pattern of immunoglobulins response presented by resistant and susceptible mice to T. cruzi as well as the lineages developed from the matting between them. So that evaluation was done by using lineages serums' sample, analyzed by ELISA's method. In agreement with the results observed all the lineages presented higher response to IgG2a and IgG2b, if compared with the titles to IgG1. IgG1 immunoglobulins involve a type Th2 pattern response which expressed allergic immunological responses, while IgG2 involves a pattern response Th1 that expresses cellular immunological response. The different lineages used in this research also presented different immunological response pattern by the infection with T. cruzi. Mice of the lineage C57BL/6 are resistant to the infection, while the animals of the lineage A/J are susceptible. The animals of the lineage B6AF1 are more resistant to the infection than their original parental C57BL/6. The immunological response developed by hybrid mice present traces of both susceptible and resistant parental A/J and C57BL/6, respectively. The animals of the lineage BXA1 can be considered resistant to the infection, but they don't present the same control as that presented by those of the lineages B6AF1 and C57BL/6. The animals of the lineage BXA2 can be considered susceptible to the infection, but they can control it for a long period, surviving like this, longer than the animals of the lineage A/J. In addition it was observed that the IgG2b immunoglobulins are very important to the resistance of mice to T. cruzi infection. (author)

  13. Methymazole (MMI) effects on seric levels of thyroid hormones in rats and mices; Influencia do metimazol (MMI) sob os niveis sericos dos hormonios da tireoide em rato e camundongos

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Lima Filho, G.L.; Carvalho, E.B.; Lima, G.M.S.; Neves, S.R.S.; Catanho, M.T.J.A. [Pernambuco Univ., Recife, PE (Brazil). Dept. de Biofisica e Radiobiologia; Lima, G.M.T. [Pernambuco Univ., Recife, PE (Brazil). DMC

    1997-12-01

    The thyroid gland secretes the metabolic hormones thyroxine (T4) and triiodothyronine (T3) which regulate the oxygen consumption of the majority of cells in the body. Their synthesis and release are controlled by the anterior pituitary hormone and also for drugs that mediated the serum concentration of T4 and T3 in the thyroid gland or in the peripheral tissues. The present study evaluates the sinergic effect on the basal secretion of the T4 and T3 after administration of throidal and nonthyroidal drugs in rats and mice. The study achievements with the oral administration of methymazole (MMI) in rats and mice. The study achievements with the oral administration of Methymazole (MMI) in rats and mice resulted in the reduction of the T4 and T3 serum levels, obtained through kinertic treatment. there was a significant reduction in T4 serum values among treated rats and mice for up to 14 days of MMI. Moreover, increased T3 serum concentration was found in rats treated with MMI, after 7 days of treatment, when compared to the serum level of treated mice. The serie levels of T3 and T4 were determined by radioimmunoassay. (author). 11 refs., 2 figs.

  14. Effect of mitomycin-c on biodistribution of 99 mTc-sodium pyrophosphate radiopharmaceuticals in mice; Efeito da mitomicina-c na biodistribuicao do radiofarmaco pirofosfato de sodio marcado com Tecnecio-99m em camundongos

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Gomes, Maria L.; Braga, Ana C.S.; Gutfilen, Bianca; Bernardo-Filho, Mario [Instituto Nacional do Cancer, Rio de Janeiro, RJ (Brazil)

    1997-12-01

    The desirable characteristics of technetium-99 have stimulated the development of labeling techniques for different molecular and cellular. It is generally acceptable that a variety of factors other than disease can alter the biodistribution of radiopharmaceutical and one such factor is the drug therapy. The absence of knowledge of these factors may result in an unexpected behavior of the radiopharmaceutical. Since patients on chemotherapeutic treatment ca be submitted, for different reasons, to a nuclear medicine procedure, we have studied in mice, the effect of mitomycin-C on the biodistribution of the radiopharmaceutical {sup 99m} Tc-pyrophosphate ({sup 99m} Tc-PYP). Mitomycin-C is an antineoplastic agent obtained from Streptomyces caesptosus. It was administered 0,15 mg of mitomycin-C in Balb/c in Balb/c female mice with an interval of 72 hours. After one hour of the last dose, 0.3 ml of {sup 99m} Tc-PYP (7.4 MBq) were injected after 0.5 h the animals were sacrificed. The organs were isolated, weighted and counted in a well counter. The percentages of radioactivity per gran of organs (% rad/g) were calculated and statistics analyses were performed (wilcoxon). The results have shown that the % rad/g has increased in pancreas, stomach, bone and lungs. These increased of radioactivity can be justified by the metabolic process or the therapeutic effect of mitomycin-C. (author). 8 refs., 2 tabs.

  15. Morphofunctional evaluation of human skin preserved in glycerol and exposed to gamma radiation: a study in athymic mice; Avaliacao morfofuncional de pele humana conservada em glicerol e submetida a radiacao gama: estudo em camundongos atimicos

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Bringel, Fabiana de Andrade

    2011-07-01

    Extensive skin lesions expose the body to damaging agents, which makes spontaneous regeneration difficult and, in many cases, leads patient to death. In such cases, if there are no donating areas for autograft, allografts can be used. In this type of graft, tissue is processed in tissue banks, where it can be subjected to radiosterilization. According to in vitro studies, gamma radiation, in doses higher than 25 kGy, induces alterations in skin preserved in glycerol at 85%, reducing the tensile strength of irradiated tissue. Clinical observation also suggests faster integration of such graft with the receptors tissue. In order to assess if the alterations observed in vitro, would compromise in vivo use, transplants of human tissue, irradiated or not, were performed in Nude mice. The skin of the mice was subjected to macroscopic analysis, optical coherence tomography imaging, histological and biomechanical assays. It was possible to conclude that grafts irradiated with 25 kGy promoted greater initial contraction, without alteration of the final dimensions of the repair area, also displaying a faster closing of the wound. Moreover, the use of irradiated grafts (25 and 50 kGy) enabled the formation of a more organized healing process without significant effects on biomechanical properties. (author)

  16. Investigação dos efeitos da cafeína sobre as alterações comportamentais e neuroquímicas apresentadas por camundongos nocautes para o receptor de lipoproteínas de baixa densidade (LDL)

    OpenAIRE

    Szczepanik, Jozimar Carlos

    2015-01-01

    Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Neurociências, Florianópolis, 2015. A cafeína é uma substância que pode alterar o funcionamento do sistema nervoso central e influenciar a cognição em mamíferos, incluindo os diferentes tipos de memória. Considerada uma substância estimulante, a cafeína é ingerida diariamente por milhões de pessoas podendo afetar estados atencionais e de humor. Estudos epidemiológico...

  17. Efeito dos compostos fenólicos do fruto camu-camu (Myrciaria dubia (H. B. K.) Mc Vaugh) na doença hepática gordurosa não alcoólica (DHGNA) em camundongos

    OpenAIRE

    Luana Jorge de Sousa

    2016-01-01

    A incidência da obesidade tomou proporções epidêmicas nos últimos anos, atingindo bilhões de indivíduos mundialmente. A DHGNA é uma manifestação hepática das alterações metabólicas causadas pela obesidade e os casos desta doença vêm crescendo cada vez mais. Alternativas capazes de reduzir estas alterações são fundamentais para minimizar o impacto na qualidade de vida da população e na economia do país. Diversos estudos têm mostrado que os compostos bioativos de alimentos possuem efeitos benéf...

  18. Remodelamento miocárdico após grandes infartos converte potenciação pós-pausa em decaimento da força em ratos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Danilo Sales Bocalini

    2012-03-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A Contração Pós-Repouso (CPR do músculo cardíaco fornece informações indiretas sobre a manipulação de cálcio intracelular. OBJETIVO: Nosso objetivo foi estudar o comportamento da CPR e seus mecanismos subjacentes em camundongos com infarto do miocárdio. MÉTODOS: Seis semanas após a oclusão coronariana, a contratilidade dos Músculos Papilares (MP obtidos a partir de camundongos submetidos à cirurgia sham (C, n = 17, com infarto moderado (MMI, n = 10 e grande infarto (LMI, n = 14, foi avaliada após intervalos de repouso de 10 a 60 segundos antes e depois da incubação com cloreto de lítio (Li+ em substituição ao cloreto de sódio ou rianodina (Ry. A expressão proteica de SR Ca(2+-ATPase (SERCA2, trocador Na+/Ca2+ (NCX, fosfolambam (PLB e fosfo-Ser (16-PLB foi analisada por Western blotting. RESULTADOS: Os camundongos MMI apresentaram potenciação de CPR reduzida em comparação aos camundongos C. Em oposição à potenciação normal para camundongos C, foram observadas degradações de força pós-repouso nos músculos de camundongos LMI. Além disso, a Ry bloqueou a degradação ou potenciação de PRC observada em camundongos LMI e C; o Li+ inibiu o NCX e converteu a degradação em potenciação de CPR em camundongos LMI. Embora os camundongos MMI e LMI tenham apresentado diminuição no SERCA2 (72 ± 7% e 47 ± 9% de camundongos controle, respectivamente e expressão protéica de fosfo-Ser16-PLB (75 ± 5% e 46 ± 11%, respectivamente, a superexpressão do NCX (175 ± 20% só foi observada nos músculos de camundongos LMI. CONCLUSÃO: Nossos resultados mostraram, pela primeira vez, que a remodelação miocárdica pós-IAM em camundongos pode mudar a potenciação regular para degradação pós-repouso, afetando as proteínas de manipulação de Ca(2+ em miócitos.

  19. Production of mRNA cytokines in BALB/c mice infected with Paracoccidioides brasiliensis and analyses of the results by image processing; Producao de interleucinas RNAm em camundongos BALB/c infectados por Paracoccidioides brasiliensis, com analises dos resultados atraves de processamento de imagens

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Januario, Adriana; Pietro, Rosemeire C.L. Rodrigues; Silva, Celio L. [Sao Paulo Univ., Ribeirao Preto, SP (Brazil). Faculdade de Medicina. Dept. de Parasitologia, Microbiologia e Imunologia; Rodrigues, Evandro L.L.; Franca, Celso A. de [Sao Paulo Univ., Sao Carlos, SP (Brazil). Escola de Engenharia. Dept. de Engenharia Eletrica

    1996-12-31

    The production of mRNA cytokines in BALB/c mice infected with Paracoccidioides brasiliensis is studied. It is reported that in the beginning of the disease with P. brasiliensis stimulated mice showed an analogous production between IL-2 and IL-10 mRNA, however, there is a predominance of IL-2 mRNA in the lung and of IL-10 mRNA in the liver cells. In this model, there is a dynamic change in the levels of IL-2 and IL-10 mRNA, suggesting the presence of both CD4+ T helper cells 7 refs., 6 figs.

  20. Investigation of hyperfine interactions in DNA and antibody of different lineages of mice infected by T. cruzi by perturbed gamma-gamma angular correlation spectroscopy; Investigacao de interacoes hiperfinas em DNA e anticorpos de diferentes linhagens de camundongos frente a infeccao por T. cruzi pela epectroscopia de correlacao angular gama-gama perturbada

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Silva, Andreia dos Santos

    2012-07-01

    In the present work perturbed angular correlation (PAC) spectroscopy was used to measured electric quadrupole interactions in DNA biomolecules of different mice lineages (A/J, C57BL/6, B6AF1, BXA1 e BXA2), samples of different isotypes of immunoglobulin G (IgG1, IgG2a e IgG2b) and active portions of complete and fragmented immunoglobulin responsible by the immune response. Electric quadrupole interactions were also measured in DNA nitrogenous bases (adenine, cytosine, guanine, thymine). PAC measurements were performed using {sup 111}In {yields} {sup 111C}d; {sup 111mC}d {yields} {sup 111}Cd; {sup 111}Ag {yields} {sup 111}Cd; e {sup 181}Hf {yields} {sup 181}Ta as probe nuclei, and carried out at room temperature and liquid nitrogen temperature, in order to investigate dynamic and static hyperfine interactions, respectively. The biomolecule samples were directly marked with the radioactive parent nuclei, whose atom link to a certain site in the biomolecules. The biological materials as well as the probe nuclei were chosen to investigate the possibility to use PAC spectroscopy to measure hyperfine parameters at nuclei from metallic elements bound to biomolecules (including the use of different probe nuclei produced in the decay of parent nuclei of four different metals) and also to study the behavior of different biomolecules by means of the measured hyperfine parameters. Results show differences in the hyperfine interactions of probe nuclei bound to the studied biomolecules. Such differences were observed by variations in the hyperfine parameters, which depend on the type of biomolecule and the results also show that the probe nuclei atom bound to the molecule in some cases and in others do not. (author)

  1. Radionecrosis skin model induced an athymic mouse nude (Nu/Nu) for development of dermal-epidermal human substitute based regenerative therapy; Modelo de radionecrose cutanea induzida em camundongos Nude (Nu/Nu) para desenvolvimento de terapias regenerativas baseadas em substitutos dermo-epidermicos humanos

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Mosca, Rodrigo Crespo

    2014-07-01

    The neoplasms incidence has increased significantly in recent years and continued population growth and aging will increase the statistics of this illness in the world's diseases. The cancer treatment usually consists in individual or combined use of chemotherapy, surgery and radiotherapy depending on the etiology of the tumor. In cases where radiotherapy is used in addition to the therapeutic effects of radiation, specific complications can occur, and in the skin, these complications can be present with a clinical expression ranging from erythema to radionecrosis, and this latter being the adverse effect with greater severity. The radionecrosis treatment consists in debridement necrotic areas and covering the surgical wounds. Autologous grafts are most commonly used for this covering, however when large areas are affected, allografts can be used for occlusive treatment and the keratinocytes and adipose derived stem cells (ADSC) addition becomes an alternative, due to the knowing for immunomodulatory and regenerative response. For that reason, aiming to simulate the radionecrosis adverse effects, an animal model of induced cutaneous radionecrosis was created, in athymic mouse Nude (Nu/Nu), for developing regenerative therapies based on human dermal-epidermal substitutes containing keratinocytes and ADSC, which proved occlusive as an efficient treatment, furthermore, having this radionecrosis animal model established, new possibilities for treatment of diseases involving dermal regeneration, can be tested. (author)

  2. Biodistribution dosimetric study of radiopharmaceutical {sup 99mT}c Ixolaris in mice for melanoma diagnosis by molecular image and translational model for human beings; Estudo dosimetrico da biodistribuicao do radiofarmaco Ixolaris-{sup 99m}Tc em camundongos para diagnostico de melanoma atraves de imagem molecular e modelo translacional para humanos

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Soriano, Sarah Canuto Silva

    2015-07-01

    The labeling of Ixolaris with {sup 99m}Tc was developed by Barboza et.al. (2013) aiming its use primarily in glioblastoma and after in melanoma diagnosis, a less common but very aggressive cancer and with high mortality rate. Preliminary tests on animals have proven its effectiveness of labeling but a dosimetric study to human clinical trials should be performed. This study aimed to: (1) determine the biokinetic model for the radiotracer {sup 99m}Tc-Ixolaris in mice by imaging dosimetry method; and (2) estimate the absorbed and effective dose resulting from the use of a new radiopharmaceutical for melanoma and metastases diagnosis in human beings, since a dosimetric study of new radiopharmaceuticals in animals is necessary to test them subsequently in humans and apply for registration in ANVISA. According to SPECT images, was found a latency period of 15 to 21 days for the development of lung metastasis in mice. Three C57BL6 mice, one control animal, and two animals with induced cell line B16-F10 murine melanoma were tested. The {sup 99m}Tc-Ixolaris radiopharmaceutical was administered intravenously in a caudal vein, and SPECT images were acquired 0.5 h, 1.5 h, 2.5 h, 3.5 h and 24 h post-administration for analysis and biodistribution quantification. The biokinetic model was determined and thus, obtained cumulative activity in order to estimate the absorbed dose in each organ. The mass and metabolic differences between mice and humans were considered and used to extrapolate the data acquired at different scales. Based on dose factors provided by the software MIRDOSE and Olinda (S factor), absorbed doses in irradiated target organs were calculated for the source organs, and finally the effective dose was estimated. The results indicate that for diagnostic exams conducted in human melanoma patients by administering approximately 25.7 MBq the estimated effective dose was 4.3 mSv. Comparing with effective doses obtained in other diagnostic techniques with {sup 99m}Tc, a range of effective doses from 0.6 to 4.8 mSv, it was concluded that the procedure should proceed continue into a Clinical Phase in humans. (author)

  3. Importância do co-cultivo com fibroblastos de camundongo 3T3 para estabelecer cultura de suspensão de células epiteliais do limbo humano Importance of 3T3 feeder layer to establish epithelial cultures from cell suspension obtained from corneo-scleral rims

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Priscila Cardoso Cristovam

    2008-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a importância da presença de células 3T3 para estabelecer cultura de suspensão de células epiteliais do limbo obtido de rimas córneo-esclerais. MÉTODOS: Rimas de diferentes doadores tiveram seus estroma posterior e endotélio removidos (n=6. Cada rima foi dividida em três segmentos iguais, que foram colocados em cultura em três diferentes condições: um segmento foi colocado na placa de cultura com o lado epitelial para cima (Grupo A. Os dois segmentos restantes foram tripsinizados e a suspensão de células obtida foi cultivada com (Grupo B ou sem (Grupo C células 3T3 irradiadas. As células foram mantidas em meio de cultura "supplemental hormonal epithelial médium" (SHEM, a migração epitelial e a formação de clones nos grupos A, B e C foram avaliadas pela microscopia de contraste de fase e por coloração pela rodamina B. Os resultados foram comparados estatisticamente. RESULTADOS: O crescimento de células epiteliais foi observado em 4/6 rimas (Grupo A. Todas as suspensões de células epiteliais que foram cultivadas com células 3T3 (Grupo B formaram clones. Nenhuma adesão ou formação de clones verdadeiros (holo ou meroclones foi observada na cultura de células que foi cultivada sem 3T3 (Grupo C (p=0,009. CONCLUSÕES: Suspensão de células epiteliais límbicas obtidas de rimas córneo-esclerais no modelo utilizado precisa ser cultivada com células 3T3 para formar clones e estabelecer colônias epiteliais com perspectivas para uso terapêutico na reconstrução da superfície ocular.PURPOSE: To evaluate the importance of the presence of 3T3 fibroblasts for establishing limbal epithelial cultures from cell suspension obtained from corneo-scleral rims (CSR. METHODS: Corneo-scleral rims from different donors (n=6 had their posterior stroma and endothelium stripped away. Each corneo-scleral rim was divided into three equal segments that were set up in tissue culture in three different conditions: one of the segments was placed with the epithelial side up on the bottom of a 6-well culture plate (Group A. The other two fragments were trypsinized and the obtained cell suspension was cultured with (Group B or without (Group C irradiaded 3T3 cells. The cells were cultured in supplemental hormonal epithelial medium (SHEM, the epithelial migration and clone formation in groups A, B and C were evaluated with phase contrast microscopy and rodamine B staining. RESULTS: Epithelial cell growth was observed in 4/6 rims (Group A. All epithelial cell suspensions that were cultured with 3T3 cells (Group B formed clones. No adhesion or true clone formation (holo- or meroclones was observed in the cell suspensions that were cultivated without 3T3 (Group C (p=0.009. CONCLUSIONS: Epithelial cell suspension obtained from corneo-scleral rims in this model needs to be cultivated with 3T3 cells in order to form clones and establish limbal epithelial cell colonies with the potential to be used for ocular surface reconstruction.

  4. Alterações na função erétil induzidas por castração cirúrgica em camundongos C57bl/6 - avaliação das vias : óxido nítrico-GMP cíclico-fosfodiesterase 5 e Rho-cinase

    OpenAIRE

    Rodrigo de Oliveira Capel Martins

    2011-01-01

    Resumo: A ereção peniana é um fenômeno vascular sob controle psicológico modulado por andrógenos onde o estado de flacidez ou ereção peniana é determinado pela condição momentânea de contração ou relaxamento do sistema arterial cavernoso e da musculatura lisa trabecular. Já a disfunção erétil é definida como a incapacidade de alcançar ou manter uma ereção peniana satisfatória para uma relação sexual e pode acontecer por causas psicológicas ou orgânicas, podendo esta ser, vascular, neurológica...

  5. Tachyzoites of Toxoplasma gondii irradiated with 255 Gy induces decrease of cysts and cerebral lesions in mice challenged with cysts of ME-49; Taquizoitos de Toxoplasma gondii irradiados com 255 Gy induzem diminuicao de cistos e lesoes cerebrais em camundongos desafiados com cistos da cepa ME-49

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Hiramoto, Roberto Mitsuyoshi; Galisteo Juniorm Andres Jimenez; Nascimento, Nanci do; Andrade Junior, Heitor Franco de [Instituto de Pesquisas Energeticas e Nucleares (IPEN), Sao Paulo, SP (Brazil). Lab. de Biologia Molecular]. E-mail: rmhiramoto@bol.com.br; hfandrad@usp.br

    2002-07-01

    Toxoplasmosis can cause ocular lesions in normal individuals and several diseases in foetus, HIV infection and transplants. Toxoplasma gondii has a complex life cycle, involving cats, as the definitive host, and warm blood species, as intermediated hosts. The infection occurs by ingestion of food and water contaminated with infected cat faeces, contaminated milk and cheese or raw and undercook meat of the intermediated hosts. To date, there is no commercial vaccine of use in humans. In this work, tachyzoites of T. gondii RH strain were irradiated with 255 Gy and inoculated in C57Bl/6j mice (3 doses, biweekly), after mice were challenged with 1, 5, 10, 20 and 25 cysts of ME-49 by oral gavage. The lesions and cysts in the brain were analyzed in all mice, after 4-week post infection. The mortality was 20% in control mice (ME-49 cysts only) and not one in immunized mice. The number of cysts was high in the control group, but low in immunized 255 Gy mice (n<100). Immunized mice showed less cerebral pathology and necrosis foci. Ionizing radiation is an important tool in the study toxoplasmosis and vaccine development. (author)

  6. Evaluation of mitomycin-C effect on biodistribution of {sup 99m}Tc-dimercaptosuccinic acid in BALB/C mice; Avaliacao do efeito da mitomicina-c na biodistribuicao do radiofarmaco acido dimercaptosuccinico marcado com tecnecio-99m em camundongos BALB/C

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Gomes, Maria Luisa; Britto, Deise Mara de M.; Freitas, Rosimeire de S.; Bernardo-Filho, Mario [Instituto Nacional do Cancer, Rio de Janeiro, RJ (Brazil). Centro de Pesquisa Basica; Braga, Ana Cristina de S.; Bezerra, Roberto Jose A.C. [Universidade do Estado, Rio de Janeiro, RJ (Brazil). Inst. de Biologia Roberto Alcantara Gomes. Dept. de Biofisica e Biometria

    1999-11-01

    The many desirable characteristics of technetium-99m have stimulated the development of labeling techniques for different molecular and cellular structures. It is accepted that a variety of factors such the drug chemotherapy can alter the biodistribution of radiopharmaceuticals. The unknowledge of these factor may result in an unexpected behavior of the radiopharmaceuticals. Since patients on chemotherapeutic treatment can be submitted to a nuclear medicine procedure, we have studied in mice, the effect of mitomycin-C on the {sup 99m} Tc-DMSA used for kidney scintigraphy. Mitomycin-C is an antineoplastic agent obtained from Streptomyces caesptosus. The metabolism of this drug produces different toxic and inactive metabolites. Mitomycin-C 0.15 mg was administered in Balb/c female with an interval of 72 hours. After one hour of the last dose, 0.3 ml of 9{sup 9m}c-DMSA (7.4 MBq) were injected and after 0.5 h the animals were sacrificed. The organs were isolated and counted in a well counter. The percentage of radioactivity (%ATI) were calculated and statistical analysis were performed (Wilcoxon Test). The results have shown that the %ATI: has increased in stomach and uterus, has decreased in kidney and ovary; has not altered in pancreas, spleen, lung, heart, liver, thymus, thyroid, bone and brain. The increase of % ATI could be justified by the metabolic process or the therapeutical effect of mitomycin-C. As an effect of this drug is observed in the uptake of the {sup 99m} Tc-DMSA by the kidney, probably an alteration in the kidney scintigraphy is expected. However, the increase of %ATI of this radiopharmaceutical in other organs by the mitomycin-C could be evaluated carefully. (author) 12 ref., 2 tabs.

  7. Detection of Toxoplasma gondii by PCR and mouse bioassay in commercial cuts of pork from experimentally infected pigs Detecção do Toxoplasma gondii por PCR e bioensaio em camundongo em cortes comerciais de carnes de suínos infectados experimentalmente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    V.S. Tsutsui

    2007-02-01

    Full Text Available The distribution of T. gondii in commercial cuts of pork (ham, tenderloin, spareribs and arm picnic by PCR and bioassay from experimentally infected pigs, was evaluated. Eighteen mixed breed pigs were divided into two groups (G. The G1 animals (n=10 were infected with 4 x10(4 oocysts of the T. gondii VEG strain and the G2 animals (n=8 were used as control. Pigs of both groups were slaughtered at 59th day after infection, and meat samples were collected for bioassay and PCR. All animals from G1 were positive by at least one or both tests, and all control animals were negative. T. gondii was identified in pork by mouse bioassay and PCR in 27/40 (67.5% and in 9/40 (22.5% of the evaluated samples, respectively. There were no statistical differences in the distribution of tissue cysts from commercial cuts of pork by bioassay (P>0.05. However, statistical differences were observed when mouse bioassay and PCR were compared (PAvaliou-se a presença de T. gondii em cortes comerciais de carne suína (pernil, lombo, costela e paleta, por meio do bioensaio e PCR, em animais experimentalmente inoculados. Dois grupos (G foram formados. Os animais do G1 (n=10 foram inoculados com 4 x10(4 oocistos da cepa VEG e os do G2 (n=8 permaneceram como grupo-controle, não inoculado. Todos os animais foram abatidos no dia 59 após a infecção, quando foram colhidas as amostras de carne para a realização das provas de bioensaio e da PCR. Todos os suínos do G1 apresentaram-se positivos a pelo menos um dos testes de diagnóstico ou a ambos, e os do grupo-controle permaneceram negativos. Não houve diferenças significativas em relação aos tipos de cortes comerciais e à presença do parasita no bioensaio (P>0,05. O bioensaio foi capaz de detectar T. gondii em 27/40 (67,5% amostras e a PCR em 9/40 (22,5%. O estudo mostrou diferença entre o bioensaio e a PCR (P<0,01.

  8. Chronic toxicological effects of ultradiluted solutions of Aveloz (Euphorbia tirucalli Lineu) on healthy mice: a preliminary study Efeitos toxicológicos crônicos de altas diluições de Aveloz (Euphorbia tirucalli L.) em camundongos sadios: estudo preliminar. Efectos toxicológicos crónicos de altas diluciones de Euphorbia tirucalli en ratones sanos: estudio preliminar.

    OpenAIRE

    Morgana Castelo Branco; Ricardo Kuster; Alexandre dos Santos Pyrrho; Paulo Eduardo Mansur Hobaica; Gleyce Moreno Barbosa; Nelson Gomes; Carolina Lessa Aquino; Elaine Daudt; Teresa Gomes; Cristiane Pereira; Fernanda Sales; Marcia CBN Varricchio; Carla Holandino

    2008-01-01

    The latex extracted from Euphorbia tirucalli, a plant popularly known as Aveloz, is used in complementary medicine to induce tumor regression. However, as this latex has toxic effects when administered orally in ponderal doses, the present study was designed to assess the effects of high dilutions in healthy mice over a period of 18 weeks. The Aveloz latex-high diluted solutions (latex-HD) were obtained through the interaction of two processes: 1:100 dilution in mass and succussion, using et...

  9. IMUNIDADE CRUZADA PELAS SEMENTES DE Abrus precatorius E Ricinus communis EM BOVINOS Crossimmunity by the seeds of Abrus precatorius and Ricinus communis in cattle

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Hubinger Tokarnia

    1997-01-01

    Full Text Available Cinco bovinos imunizados contra a ação tóxica das sementes de Abrus precatorius L. ("tento", "jiquiriti" não adoeceram ou somente levemente pela administração das sementes de Ricinus communis L. ("mamona", em doses que em bovinos que antes nunca ingeriram sementes de A. precatorius ou R. communis, causaram intoxicação de intensidade de grau moderado a acentuado ou até a morte. Um sexto bovino, que não ficou bem imunizado contra a ação tóxica das sementes de A. precatorius, adoeceu em grau acentuado pela administração de dose elevada das sementes de R. communis. Já dos cinco bovinos imunizados contra a ação tóxica das sementes de R. communis quatro adoeceram em grau acentuado, oquinto em grau moderado, pela administração das sementes de A. precatorias em doses que em bovinos que antes nunca ingeriram sementes de R. communis ou A. precatorius causaram intoxicação de intensidade leve a acentuada. Estes resultados permitem concluir que bovinos imunizados contra a ação tóxica das sementes de A. precatorius são resistentes à ação tóxica das sementes de R. communis, mas que o contrário não ocorre, isto é, bovinos imunizados contra a ação tóxica das sementes de R. communis, não se mostraram protegidos contra a intoxicação por A. precatorius. Estudos anteriores por outros autores mostraram que as toxalbuminas de A. precatorius e R. communis, respectivamente abrina e ricina, são diferentes do ponto de vista antigênico. Uma explicação para a divergência desses resultados com os nossos poderia estar no fato de que no presente estudo foram usados poligástricos que receberam as sementes por via oral, enquanto que nos estudos anteriores foram usados monogástricos em que as sementes ou as toxinas foram aplicadas por via parenteral. A administração de folhas frescas ou do pericarpo do fruto de R. communis a bovinos imunizados contra a ação das sementes desta planta tiveram o mesmo efeito tóxico que em animais n

  10. Estudo imunobiológico de estoques de Trypanosoma cruzi isolados de pacientes na fase aguda da doença de Chagas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    T.L. Kipnis

    1983-12-01

    Full Text Available Estoques de tripanossomas isolados de pacientes na fase aguda da doença de Chagas foram injetados em grupos de camundongos albinos não isogênicos nas doses de 10³, 10(4 e 10(5 parasitas/camundongos. O curso da infecção foi seguido por três meses. A pctrasitemia foi em geral baixa, com picos recorrentes, na maioria das vezes os animais evoluiam para cronicidade. Somente um estoque induziu alto índice de mortalidade. Os parasitas e as lesões apesar de detectadas no pico da parasitemia e restritos ao coração estavam ausentes aos três meses. Nesta época os perfis de Igs apresentaram diferenças marcantes. Grupos de animais que foram inoculados com estes estoques foram desafiados com doses letais da cepa Y ou CL. Em alguns casos obteve-se uma parasitemia, mas patente.

  11. ELISA indireto para detecção de Ig G anti-vírus da doença de newcastle em soro de codorna

    OpenAIRE

    Daniela Duarte de Oliveira

    2004-01-01

    Foram desenvolvidos e comparados dois ELISAs para detecção de IgG de codorna (Coturnix coturnix japônica) contra o vírus da doença de Newcastle (VDN). Um deles utilizando anticorpo secundário de camundongo anti-IgG de codorna e o outro, conjugado anti-IgG de galinha. Para a produção de anticorpo secundário (IgG de camundongo anti-IgG de codorna), métodos de purificação de IgG de codorna foram avaliados utilizando 30 amostras de soros e gemas de ovos de codornas, confirmados posteriormente por...

  12. Extratos de Curcuma longa L. e Kalanchoe brasiliensis Camb. no tratamento local do envenenamento por Bothrops alternatus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    F. V. Fonseca

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo a utilização dos extratos aquosos das plantas Curcuma longa e Kalanchoe brasiliensis na terapêutica tópica complementar do envenenamento botrópico experimental em camundongos, visando a antagonização dos efeitos locais (edema, hemorragia e necrose provocados pelo veneno. O experimento mostrou que os melhores resultados foram obtidos com o extrato de Kalanchoe brasiliensis.

  13. Efeitos da música clássica como elemento de enriquecimento ambiental em Mus musculus em cativeiro (Rodentia: Muridae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Geraldo Pereira da Cruz

    2010-04-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.5007/2175-7925.2010v23n2p191 No ambiente selvagem, os animais são submetidos a mudanças constantes nos estímulos sensoriais. Entretanto, o ambiente de cativeiro é muito mais pobre em termos de estímulos fornecidos aos animais alojados no seu interior. Numa tentativa de remediar esta situação e promover um melhor bem estar, camundongos (Mus musculus foram expostos a duas condições: sem estímulos auditivos e com música clássica. Em todos os experimentos foi utilizada uma bateria de testes comportamentais. Os resultados demonstram uma diminuição significativa na imobilidade no nado forçado, aumento de entradas nos braços fechados do labirinto em cruz elevado e diminuição na imobilidade no campo aberto, nos animais que haviam sido pré-expostos anteriormente a 24h de música e sugerem que a música clássica causas mudanças na atividade motora em camundongos. Este estudo leva a conclusão que o enriquecimento do ambiente causa profundos efeitos sobre o comportamento de camundongos nos testes comportamentais e a música clássica é um método relativamente simples de contribuir para o bem estar de camundongos em cativeiro, mas pode comprometer resultados de experimentos como o nado forçado.

  14. Patogenicidade e virulência de Toxoplasma gondii isolado de suínos de criação artesanal no sul do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Plínio Aguiar de Oliveira

    2014-12-01

    Full Text Available Estudos com Toxoplasma gondii em suínos são relevantes porque seus produtos e subprodutos fazem parte da cadeia alimentar do ser humano. As principais vias de transmissão deste agente são o carnivorismo, fecal-oral e congênita. Seis isolados de Toxoplasma gondii de suínos de criação artesanal foram avaliados quanto à patogenicidade e virulência em camundongos suíços albinos. A suspensão de taquizoítos utilizada nos testes foi obtida através da punção ou lavagem da cavidade peritoneal de camundongos que apresentaram ascite. Cada amostra foi inoculada em grupos de cinco camundongos, com inóculo de 10¹, 10², 10³, 10(4, 10(5 e 10(6 taquizoítos vivos, via intraperitoneal. Dos isolados, 50% (3/6 foram letais e causaram sinais clínicos nos camundongos. A dose mínima letal foi de 10³ taquizoítos. A morte dos animais que apresentaram infecção aguda ocorreu entre 12 e 26 dias após a inoculação. Todos os isolados da região estudada apresentam alta capacidade de formar cistos, o que pode aumentar o risco de infecção pela ingestão de tecidos dos animais infectados pelos mesmos.

  15. Avaliação do uso de pomada à base de sementes de jaqueira (Artocarpus heterophyllus Lam na terapêutica tópica de feridas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R. N.L. Vitorino Filho

    2009-07-01

    Full Text Available As propriedades cicatrizantes da jaqueira (Artocarpus heterophyllus Lam são atribuídas a uma proteína encontrada na semente de sua fruta que, em casos de queimaduras de pele, proporciona a regeneração do tecido danificado em vez da substituição por tecido conjuntivo fibroso. Objetivando avaliar macro e microscopicamente o efeito da pomada formulada com o pó obtido a partir de sementes de jaca na cicatrização, por segunda intenção, de feridas cutâneas em camundongos, limpas e infectadas experimentalmente por Staphylococcus aureus, realizou-se o estudo em 96 camundongos nos quais foram feitas feridas experimentais na região dorso-lateral. Cada grupo, com 12 animais, recebeu um tipo de tratamento. O grupo GI serviu como controle para feridas limpas, o grupo GII foi o controle para feridas infectadas e os demais foram tratados topicamente com pomada à base de semente de jaca em diferentes esquemas de administração. Os animais foram avaliados diariamente e sacrificados cinco, 10 e 13 dias após a cirurgia, sendo removido o tecido cicatricial e circunjacente para avaliação histológica. Os resultados mostraram que não houve diferença estatisticamente significativa entre os tratamentos. Palavras-chave: camundongos; cicatrização; feridas; jaca; Artocarpus heterophyllus Lam; lectina.

  16. Infecção via oral por Trypanosoma evansi em animais de laboratório Oral infection by Trypanosoma evansi in rats and mice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aleksandro Schafer da Silva

    2007-06-01

    Full Text Available Testou-se a infecção de Trypanosoma evansi pela via oral em ratos e camundongos, através de sangue contaminado de ambas as espécies. Dez ratos e dez camundongos foram alocados em quatro grupos iguais A e B (ratos, C e D (camundongos. Os grupos A e C receberam sangue contaminado de um rato e o grupo B e D de um camundongo, através de uma sonda. O volume de sangue administrado foi de 0,2ml, o qual apresentava uma concentração de 10(7 tripanossomas ml-1. Os animais foram mantidos em temperatura e umidade constantes (25°C e 80% UR, sendo realizados esfregaços sanguíneos diários para identificar o período pré-patente e a evolução do parasita na circulação. Nos grupos A e B, o período pré-patente variou de 19 a 25 dias, e o período entre a detecção dos parasitas e a morte dos animais foi em média de 12,7 dias. Os camundongos do grupo C e D não apresentaram infecção pelo parasita, sendo estes avaliados por 60 dias. Os ratos foram susceptíveis a infecção por T. evansi pela via oral; entretanto, os camundongos não se contaminaram com o protozoário por via digestiva.In this research, Trypanosoma evansi infection was tested in rats and mice by oral ingestion of contaminated blood. Groups of ten rats and ten mice were disposed in four experimental groups: A and B (rats, C and D (mice. The groups A and C were contaminated by rat-contaminated blood; B and C groups by mouse-contaminated blood. The blood was given using a probe filled with 0.2ml of contaminated blood with 10(7 trypanosomes ml-1. These animals were maintained at constant temperature and humidity (25°C and 80% UR. Dairy blood smear were done to identify the prepatent period and evolution of parasite in the circulation. In the A and B groups, the pre latency period varied from 19 to 25 days and the period of parasite detection and animals death was an average of 12.7 days. The C and D groups did not present infection by the parasite even when evaluated for 60 days

  17. Esquistossomose mansônica. I - evolução do quadro patológico: análise parasitológica, hematológica e histopatológica Schistosomiasis mansoni. I - evolution of the pathologic picture: parasitologic, hematologic, and histopathologic analyses

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ajax Mercês Atta

    1981-02-01

    Full Text Available Com o objetivo de acompanhar a evolução da infecção bissexual primária de camundongos por S. mansoni, foram infectados camundongos Swiss com 100 cercárias da linhagem mineira (BH de Schistosoma mansoni. A evolução da infecção foi acompanhada por um período de 8 semanas. Foi verificada uma relação entre o número de granulomas hepáticos e o número de vermes totais. O ganho de peso corporal, o peso do baço e a percentagem do peso do fígado em relação ao peso corporal foram diferentes quando comparados os animais infectados e controles. O quadro leucocitário dos camundongos infectados apresentou alterações no número de leucócitos totais, neutrófilos e linfócitos. Os exames histológicos do baço e do fígado revelaram alterações nestes órgãos de acordo com a fase da infecção.In order to accompany the evolution of primary bisexual inifection of mice by Schistosoma mansoni, Swiss mice were infected with 100 cercariae of the Belo Horizonte strain of Schistosoma mansoni, and the infection's evolution was followed for eight weeks. A relationship between the number of hepatic granulomas and the number of worms was verified. Body weight gain, spleen, and the percentage of the liver weight in relation to body weight were different when compared to infected and control animals. White blood cells in the infected mice presented alterations in the total number of leukocytes, neutrophils, and lymphocytes. The histologic analyses of the spleen and liver revealed alterations in these organs; these alterations varied according to the stage of infection.

  18. Avaliação da capacidade probiótica de uma linhagem de Ruminococcus gnavus da microbiota fecal de seres humanos contra Clostridium perfringens

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flávio Henrique Ferreira Barbosa

    2011-03-01

    Full Text Available Normal 0 21 false false false PT-BR X-NONE X-NONE MicrosoftInternetExplorer4 Probióticos são microrganismos utilizados com o propósito de beneficiar a saúde do hospedeiro, seja na prevenção ou tratamento de doenças. Este trabalho teve como objetivo avaliar uma cultura de Ruminococcus gnavus quanto ao seu efeito probiótico frente a um alvo patogênico in vivo por meio de avaliação histopatológica e perfil de hidrofobicidade da parede celular. A linhagem de R. gnavus foi isolada da microbiota fecal dominante de um adulto sadio. Uma amostra padrão de Clostridium perfringens foi utilizada como patógeno para o desafio por via oral de camundongos previamente monoassociados com R. gnavus. Camundongos suíços NIH isentos de germes foram usados como modelo animal. Nos resultados dos testes de adesão da superfície celular do microrganismo estudado, ficou constatado que a espécie R. gnavus possui uma parede celular mais hidrofóbica e ácida, sinalizando boa probabilidade de adesão ao epitélio intestinal. A análise histológica demonstrou que a monoassociação com R. gnavus não promoveu nenhuma alteração morfológica dos órgãos analisados (intestinos, baço e fígado, e apresentou efeito protetor, constatado no ceco e no fígado de camundongos gnotobióticos. Em suma, os resultados reforçam que R. gnavus possui características protetoras desejáveis no que tange a elaboração de futuros probióticos.

  19. Remodelamento miocárdico após grandes infartos converte potenciação pós-pausa em decaimento da força em ratos Miocárdio remodelado después de grandes infartos en ratas convierte potenciación post-pausa en disminucion de la fuerza Myocardial remodeling after large infarcts in rat converts post rest-potentiation in force decay

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Danilo Sales Bocalini

    2012-03-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A Contração Pós-Repouso (CPR do músculo cardíaco fornece informações indiretas sobre a manipulação de cálcio intracelular. OBJETIVO: Nosso objetivo foi estudar o comportamento da CPR e seus mecanismos subjacentes em camundongos com infarto do miocárdio. MÉTODOS: Seis semanas após a oclusão coronariana, a contratilidade dos Músculos Papilares (MP obtidos a partir de camundongos submetidos à cirurgia sham (C, n = 17, com infarto moderado (MMI, n = 10 e grande infarto (LMI, n = 14, foi avaliada após intervalos de repouso de 10 a 60 segundos antes e depois da incubação com cloreto de lítio (Li+ em substituição ao cloreto de sódio ou rianodina (Ry. A expressão proteica de SR Ca(2+-ATPase (SERCA2, trocador Na+/Ca2+ (NCX, fosfolambam (PLB e fosfo-Ser (16-PLB foi analisada por Western blotting. RESULTADOS: Os camundongos MMI apresentaram potenciação de CPR reduzida em comparação aos camundongos C. Em oposição à potenciação normal para camundongos C, foram observadas degradações de força pós-repouso nos músculos de camundongos LMI. Além disso, a Ry bloqueou a degradação ou potenciação de PRC observada em camundongos LMI e C; o Li+ inibiu o NCX e converteu a degradação em potenciação de CPR em camundongos LMI. Embora os camundongos MMI e LMI tenham apresentado diminuição no SERCA2 (72 ± 7% e 47 ± 9% de camundongos controle, respectivamente e expressão protéica de fosfo-Ser16-PLB (75 ± 5% e 46 ± 11%, respectivamente, a superexpressão do NCX (175 ± 20% só foi observada nos músculos de camundongos LMI. CONCLUSÃO: Nossos resultados mostraram, pela primeira vez, que a remodelação miocárdica pós-IAM em camundongos pode mudar a potenciação regular para degradação pós-repouso, afetando as proteínas de manipulação de Ca(2+ em miócitos.FUNDAMENTO: La Contracción pos pausa (CPP del músculo cardíaco provee informaciones indirectas sobre la manejo del calcio intracelular. OBJETIVO

  20. Tentativa de tratamento específico, por meio da ticlopidina, de pacientes com doença de Chagas em fase crônica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rassi Anis

    2000-01-01

    Full Text Available Em investigação experimental, a ticlopidina mostrou ser ativa no sentido de diminuir a parasitemia e a mortalidade quando avaliada a infecção de camundongos pelo Trypanosoma cruzi. Por isso, este fármaco foi administrado a 12 pacientes com doença de Chagas, em fase crônica. Houve utilização de 150, 200 ou 250mg, durante 90 dias, conforme se tratasse de crianças, adolescentes ou adultos, respectivamente. Ficou documentado cabal insucesso sob os pontos de vista parasitológico e sorológico.

  1. Experimental studies on Trypanosoma (Schizotrypanum cruzi strains isolated from man, from animals and from triatomine bugs in Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    W. B. Petana

    1974-12-01

    Full Text Available A study on nine strains of T. cruzi isolated from man, from animais and from triatomine bugs in Brazil are described. The parasites were slightly viscerotropic in white mice in six of the strains, highly viscerotropic and cardiotropic in two strains, and asymptomatic on one strain. Mechanical and cyclical passage from infected to healthy mice, and treatment of the infected mice with immunosuppressant drug, did not increase the blood parasitaemia or strain virulence. The results of biometric studies on the blood trypanosomes from each strain are also described. The various aspects on the importance of T. cruzi strain Identification are emphasized and discussed.Nove cepas de T. cruzi, 5 isoladas do homem, 2 isoladas do cão e 2 outras isoladas de Triatoma infestans domiciliados, foram estudadas do ponto de vista morfólógico e de sua virulência e patogenicidade para o camundongo, em um período de observação de 8 a 12 meses. As cinco cepas isoladas do homem mostraram baixa parasitemia quando inoculadas no camundongo e provocaram nesse animal apenas redução dos glânglios mioentéricos do colon e discreto aumento desse órgão. Das duas cepas isoladas do cão uma provocou megacolon e cardiomegalia no camundongo e a outra comportau-se de forma semelhante às cepas isoladas do homem. Das cepas isoladas do T. infestans uma foi absolutamente avirulenta para o camundongo e a outra provocou redução dos gânglios do colon e do miocárdio, cardiomegalia e megacolon. Admitem os autores que a passagem "cíclica" de uma cepa de um reservatório para outro possa modificar o seu comportamento, servindo o homem como "reservatório estabilizador" da baixa virulência e patogenicidade das cepas, pelo menos daquelas isoladas de casos crônicos

  2. Atividade antiinflamtória do extrato aquoso e frações do fruto da Cayaponia cabocla (Vell.) Mart. (Cucurbitaceae)

    OpenAIRE

    Provasi, Marilene; Silva, Daniel R.; Bersani Amado, Ciomar Aparecida; Delani, Tieles C. O.; Nakamura, Celso Vataru; Dias Filho, Benedito Prado; Cortez, Diógenes Aparício Garcia

    2007-01-01

    O objetivo deste trabalho foi avaliar a atividade anitinflamatória tópica in vivo do extrato aquoso e frações do fruto de Cayaponia cabocla (Vell.) Mart. (Curcubitaceae). Extratos e frações dos frutos frescos de C. cabocla foram avaliadas a ação antiinflamatória sobre o modelo de pleurisia induzida por carragenina e edema de orelhas de camundongos induzido por óleo de cróton. Doses de 250 e 500 mg mg Kg do extrato aquoso reduziram o volume do exsudato pleural e o número de células migradas, e...

  3. Estudo do comportamento biológico de três amostras de trypanosoma cruzi isoladas de pacientes do instituto "dante pazzanese" de cardiologia

    OpenAIRE

    Pereira,Vera Lúcia; Zamorano,Mabel M. B.; Boainain,Elias

    1987-01-01

    Foram estudadas três amostras de Trypanosoma cruzi isoladas de pacientes. As amostras foram observadas sob os seguintes parâmetros: níveis parasitêmicos, morfologia das formas sanguíneas, alterações histopatológicas, virulência e mortalidade em camundongos. A amostra IDPC-1 foi isolada de um paciente naturalmente infectado e tratado com benzonidazol. Provocou baixos índices parasitêmicos e mostrou baixa virulência, sendo que 83,4% dos animais evoluiram para a fase crônica. Os tripomastigotas ...

  4. Estudo dos efeitos comportamentais, neuroquÃmicos e tÃxicos do Ãleo essencial de Zingiber officinale Roscoe

    OpenAIRE

    CÃcero Francisco Bezerra Felipe

    2004-01-01

    O Gengibre (Zingiber officinale Roscoe) Ã uma planta bastante apreciada em todo o mundo, nÃo apenas como um condimento, mas tambÃm por suas importantes propriedades medicinais. Os efeitos comportamentais e neuroquÃmicos do Ãleo essencial do gengibre - OEG foram estudados em camundongos tratados diariamente com o Ãleo essencial de gengibre (OEG 25, 50 e 100 mg/Kg, i.p. e v.o.). No sÃtimo dia de tratamento foram realizados os testes do labirinto em cruz elevado (LCE), campo aberto (CA), rota ro...

  5. Alterações do pericárdio na fase crônica da tripanossomíase cruzi humana e nas fases aguda e crônica da moléstia experimental

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P. Raso

    1971-06-01

    Full Text Available Os Autores estudam as alterações do pericárdio, especialmente do pericárdio visceral na cardiopatia chagásica, confrontando-se com as alterações, observadas em outras cardiopatias (reumáticas e hipertensivas. Analisam as alterações pericárdicas no camundongo experimentalmente infectado e discutem especialmente a natureza e a gênese das lesões, a evolução e a correlação dos vários aspectos morfológicos entre si.

  6. Biological and immunological studies of five Brazilian rabies virus isolates

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Bernardi

    2005-08-01

    Full Text Available Estudou-se em camundongos aspectos do comportamento biológico de amostras brasileiras de virus rábico isoladas de cão, bovino, eqüino, morcegos hematófago e insetívoro. Observou-se transmissão oral em camundongos alimentados com cérebros infectados de morcego insetívoro (8,82%, cão (8,57% e eqüino (3,03%. O período de incubação médio para todas as amostras foi de 6 dias após a inoculação intracerebral, com sintomas variando, desde hiperexitabilidade (amostra canina, paralisia progressiva principalmente de membros posteriores e maior duração do curso clínico até a morte (eqüino e morte repentina, sem sintomas aparentes (morcego insetívoro. Pela imunoistoquímica detectou-se produção de IFN nos cérebros dos camundongos inoculados com amostra de bovino e morcego insetívoro, TNF e iNOS nos animais infectados com amostra de cão, bovino e morcego insetívoro e reação astrocitária com aumento da expressão de GFAP em todas as cinco amostras. A eficácia de 2 vacinas comerciais inativadas, uma nacional e outra importada, para a proteção contra a infecção experimental em camundongos foi avaliada através dos testes NIH e CDC, usando as amostras de campo para o desafio. Não houve diferença significativa entre o desempenho das vacinas, quando comparadas para um mesmo teste de potência e amostra de desafio sugerindo que não há necessidade de se produzir vacinas com amostras isoladas de campo.

  7. The importance of mdx mouse in the pathophysiology of Duchenne's muscular distrophy

    OpenAIRE

    Seixas, Sandra Lopes; Lagrota-Cândido, Jussara; Savino, Wilson; Quirico-Santos, Thereza

    1997-01-01

    O camundongo mdx desenvolve distrofia muscular recessiva ligada ao cromossoma X (locus Xp21.1) e não expressa distrofina. Embora não apresente intensa fibrose do tecido muscular e acúmulo de tecido adiposo, é considerado o modelo animal mais adequado da distrofia muscular de Duchenne. As alterações estruturais no tecido muscular associadas à mionecrose e presença do infiltrado inflamatório com predomínio de linfócitos e monócitos/macrófagos sugerem uma participação do sistema imunológico nest...

  8. Viabilidade de ovos de Ascaris lumbricoides após tratamento humano com medicamentos específicos: I— Levamisole e Pamoato de pirantel

    OpenAIRE

    Souza, Maria Suzana de Lemos; Souza, Dirceu Wagner Carvalho de; Carvalho, Omar dos Santos; Neves, Jayme; Massara, Cristiano Lara

    1985-01-01

    Com o objetivo de testar a viabilidade do ciclo biológico, 15 pacientes (masculinos, de quatro a 14 anos) com Ascaris lumbricoides, foram selecionados ao acaso. Após tratamento clássico com sais básicos de levamisole (7 pacientes) e de pamoato de pirantel (8), os ovos retirados das fêmeas expelidas ficaram incubados por 18 dias em de H2SO4 N/10. A seguir foram administrados per os a grupos de 5 camundongos por pacientes. Decorridos 8 dias da infecção, os animais foram sacrificados para pesqui...

  9. Acidentes de trabalho com material biológico ocorridos em municípios de Minas Gerais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata Siqueira Julio

    2014-01-01

    Full Text Available O objetivo do estudo foi identificar o perfil dos acidentes com exposição a material biológico ocorridos em Minas Gerais. Estudo descritivo, transversal realizado por meio de consulta ao Sistema de Informação de Agravos de Notificação de 50 municípios do sul do Estado de Minas Gerais, Brasil, no período de 2007-2011. Foram registrados 460 acidentes, sendo que cerca da metade ocorreram entre auxiliares e técnicos de enfermagem, seguidos por enfermeiros e médicos. Houve predomínio dos acidentes ocorridos devido ao descarte inadequado de material perfurocortante. Entre os pacientes-fonte, verificou-se uma prevalência de 8,0% de sorologia reagente para o HIV; 1,0% para HBsAg; 6,0% para anti-HBC e 3% para o anti-HCV. Entre os acidentados, 14,0% não estavam imunizados para hepatite B, contudo, a prescrição de vacina e imunoglobulina foi inferior à necessidade. Os resultados subsidiarão o planejamento de ações preventivas e de novas condutas diante da ocorrência desse tipo de acidentes.

  10. Efeito da dessecação das fezes de triatomíneos na sobrevivência de formas metacíclicas de Trypanosoma cruzi

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vânia A. Soares

    1986-12-01

    Full Text Available Estudou-se a taxa de dessecação das fezes de triatomíneos à temperatura ambiente e diferentes umidades relativas e à temperatura média da pele humana (33 °C. O tempo necessário para evaporar a água contida nas fezes de barbeiro é inversamente proporcional ao déficit de saturação atmosférica e é acelerado a temperaturas mais altas. Estudou-se a motilidade dos flagelados fecais diretamente ao microscópio e a infectividade dos mesmos após introdução na cavidade peritoneal de camundongos. A baixa umidade ambas, motilidade e infectividade, foram perdidas antes de 30 minutos. Em altas umidades esses parâmetros foram preservados, em grau variado, por mais de 30 minutos. A 33 °C, 100% dos camundongos foram infectados depois de 15 minutos, mas somente 3,3% após 30 minutos de exposição. As condições ambientais no interior de uma casa em Mambai variaram acentuadamente no período de estudo. Entretanto, foram geralmente similares àqueles observados experimentalmente em laboratório.

  11. Comparação de dois testes de neutralização, utilizados no diagnóstico sorológico do vesiculovírus Piry

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tavares-Neto José

    1993-01-01

    Full Text Available Realizou-se inquérito sorológico para pesquisar anticorpos neutralizantes contra o vesiculovírus Piry, na cidade de Catolândia-Bahia-Brasil. Duas técnicas de vírus-neutralização foram comparadas em cultura das células C6/36, com revelação pelo método imunoenzimático ( TN-C6/36 e em camundongos recém-nascidos (TN-camundongos, que é considerada a prova maior. Em 204 soros, dos 1 .274 colhidos, a concordância das duas técnicas foi de 98,7% (K= 0,9853. Com este resultado do TN-C6/36, que também é mais exeqüível, decidiu-se desenvolver o estudo soro-epidemiológico do vesiculovírus Piry, em Catolândia, baseado nesta nova técnica.

  12. Bioquímica da esquistossomose mansônica: envolvimento dos siderossomos nos processos inflamatórios hepáticos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Erlon Araújo Rodrigues

    1990-06-01

    Full Text Available Os processos inflamatórios que se desenvolvem durante as etapas avançadas da esquistossomose mansônica hepática foram relacionados, com o acúmulo de siderossomos, a capacidade dos íons ferrosos/férricos de desencadearem a formação de radicais livres e aperoxidação de lipídios membranáceos, assim como à diminuição da estabilidade das membranas dos diversos componentes do compartimento lisossômico hepático. Os lisossomos isolados de figados de camundongos infectados por 100 cercárias, com 80 e 100 dias de infecção, foram respectivamente, 2,5 e quase 4 vezes mais frágeis que os controles, isolados de figados de camundongos não infectados. A presença de siderossomos em grande quantidade foi demonstrada por espectrometria aos raios-X.

  13. The role of MHC haplotypes H2d/H2b in mouse resistance/susceptibility to cyst formation is influenced by the lineage of infective Toxoplasma gondii strain

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marianne G. Resende

    2008-03-01

    Full Text Available Toxoplasma gondii strains displaying the Type I/III genotype are associated with acquired ocular toxoplasmosis in humans. Here, we used a mice model to characterize some immunological mechanisms involved in host resistance to infection with such strains. We have chosen the Type I/III strains D8, G2 and P-Br, which cause a chronic infection in mice that resembles human toxoplamosis. Mice deficient of molecules MyD88, IFN-gamma, and IL-12 were susceptible to all three parasite strains. This finding indicates the importance of innate mechanisms in controlling infection. On the other hand, MHC haplotype did not influenced resistance/susceptibility; since mice lineages displaying a same genetic background but different MHC haplotypes (H2b or H2d developed similar mortality and cyst numbers after infection with those strains. In contrast, the C57BL/6 genetic background, and not MHC haplotype, was critical for development of intestinal inflammation caused by any of the studied strains. Finally, regarding effector mechanisms, weobserved that B and CD8+ T lymphocytes controlled survival,whereas the inducible nitric oxide synthase influenced cyst numbers in brains of mice infected with Type I/III strains. These findings are relevant to further understanding of the immunologic mechanisms involved in host protection and pathogenesis during infection with T. gondii.Cepas de Toxoplasma gondii que apresentam o genótipo I/III são associadas a toxoplasmose ocular adquirida em humanos. No presente trabalho, nós utilizamos um modelo da doença em camundongos para caracterizar mecanismos imunológicos envolvidos na resistência do hospedeiro à infecção por aquelas cepas. Escolhemos as cepas D8, G2 e P-Br, que causam infecção crônica em camundongos, semelhante à toxoplasmose humana. Camundongos deficientes em MyD88, IFN-G e IL-12 foram susceptíveis a infecções com todas as três linhagens do parasita. Esses dados indicam a importância de mecanismos

  14. Resposta taquicárdica e controle autonômico no exercício físico em modelo genético de insuficiência cardíaca Tachycardic response and autonomic control in physical exercise in genetic model of cardiac insufficiency

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Telma F. Cunha

    2009-08-01

    Full Text Available O aumento da atividade nervosa simpática e a taquicardia em repouso ou durante esforços físicos estão associados ao aumento da morbimortalidade, mesmo na ausência de sinais clínicos de doença cardíaca. Sabendo-se da importância dos receptores α2A/α2C-adrenérgicos na modulação da atividade nervosa e frequência cardíaca (FC, o presente trabalho utiliza um modelo genético de cardiomiopatia induzida por excesso de catecolaminas circulantes baseado na inativação gênica dos receptores α2A/α2C-adrenérgicos em camundongos (α2A/α2CKO para verificar a resposta da FC ao exercício físico (EF, assim como o controle simpatovagal da FC ao EF. Testou-se a hipótese de que haveria resposta taquicárdica exacerbada durante o EF nos camundongos α2A/α2CKO mesmo quando a função cardíaca ainda estivesse preservada em repouso, sendo o receptor α2A-adrenérgico o principal responsável por essa resposta. Camundongos machos da linhagem C57Bl6J, controle (CO e com inativação gênica para os receptores α2A (α2AKO, α2C α2CKO e α2A/α2CKO foram submetidos a um teste de tolerância ao esforço físico. Outros dois grupos de camundongos, CO e α2A/α2CKO, foram submetidos ao bloqueio farmacológico dos receptores muscarínicos e β-adrenérgicos e ao EF progressivo para se avaliar a contribuição simpatovagal para a taquicardia de EF. Observou-se intolerância ao esforço físico (1.220 ± 18 e 1.460 ± 34 vs. 2.630 ± 42m, respectivamente e maior taquicardia ao EF (765 ± 16 e 792 ± 13 vs. 603 ± 18bpm, respectivamente nos camundongos α2AKO e α2A/α2CKO vs. CO. Além disso, o balanço autonômico estava alterado nos camundongos α2A/α2CKO pela hiperatividade simpática e menor efeito vagal cardíaco. Esses resultados demonstram a importância dos receptores α2A/α2C-adrenérgicos no controle autonômico não só no repouso, mas também durante o EF, sendo o receptor α2A-adrenérgico o responsável pela hiperatividade simp

  15. Produção e purificação de imunoglobulinas Y policlonais anti-Leptospira spp.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tatiane C.F. Tavares

    2013-09-01

    Full Text Available Objetivou-se verificar se galinhas imunizadas com uma solução de Leptospira interrogans inativadas e proteínas de membrana externa do sorovar Hardjo, poderiam produzir anticorpos policlonais específicos anti-leptospiras, detectáveis em testes ELISA. Foram imunizados oito galinhas com 25 semanas de idade, da raça White Leghorn, sendo três imunizadas com uma suspensão de leptospiras inativadas, três com uma solução de proteínas de membrana externa extraída do sorovar Hardjo e duas controle. Coletas de sangue foram realizadas quinzenalmente e de ovos diariamente. A IgY foi purificada a partir da gema dos ovos utilizando para a delipidação o método de diluição em água ácida e a precipitação com sulfato de amônio. Nos testes ELISA realizados para verificar a especificidade da IgY, foi demonstrada a produção de anticorpos anti-Leptospira, tanto no soro quanto nas gemas purificadas. O pico de produção de anticorpos específicos ocorreu na 5º semana após a primeira imunização. Ficou demonstrada a possibilidade da indução da produção de anticorpos específicos em galinhas imunizadas com leptospiras do sorovar Hardjo inativadas, bem como, com proteínas de membrana externa (PME extraidas desse sorovar. As galinhas imunizadas com uma suspensão de leptospiras inativadas ou com PME de Leptospira interrogans do sorovar Hardjo produziram anticorpos reativos a PME Hardjo detectáves por teste ELISA.

  16. Comportamento da cepa LE de Schistosoma mansoni, após passagem em hospedeiro humano infectado acidentalmente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Neusa Araújo

    1986-12-01

    Full Text Available Uma auxiliar de laboratório infectou-se acidentalmente, com cercárias de Schistosoma mansoni, cepa LE, mantida rotineiramente em nossos laboratórios. Decorridos 5 meses, o exame parasitológico de fezes revelou 108 ovos/g . A pacientefoi tratada com oxamniquine, porém a infecção continuou ativa (6 ovos/g. Foi então obtido o isolado SSF mantido no modelo Biomphalaria glabrata - camundongo albino. Os resultados obtidos no estudo comparativo, entre o isolado SSF e a cepa LE, que lhe deu origem, mostraram que a duração do período pré-patente e o índice de infectividade em camundongos, bem como a resposta aos agentes esquistossomicidas (hycanthone, oxamniquine epraziquantel não apresentaram diferenças estatisticamente significativas. Por outro lado, o número de miracídios obtidos dos intestinos e fígados dos camundongos infectados foi o dobro com a cepa LE, quando comparados com aquele do isolado SSF. Também a variação do peso dos animais foi bastante diferente. Concluiu-se que apenas uma passagem pelo hospedeiro humano não mudou substancialmente as características da cepa estudada.A laboratory technician was accidentally infected with the LE strain of Schistosoma mansoni cercariae maintained in our laboratories. After 5 months infection parasitological examination revealed 108 eggs/g faeces. Althrough treated with oxamniquine, the infection still persisted (6 eggs/g of faeces. An isolate (SSF was obtained from that person and maintained in Biomphalaria glabrata - Swiss mouse by alternate passage. The experimental comparative results between the newly obtained SSF isolate and the original LE strain showed that the differences in pre-patent period, the mice infectivity level and the schistosomicidal response to hycanthone, oxamniquine and praziquantel was not statistically significant. On the other hand the number of miracidia recovered from intestines and livers of equally infected mice was twice as miich in the LE strain than

  17. Leptopirosis in animal of animal house of Biologic Science Center of Londrina State University / Leptospirose em animais do biotério central do Centro de Ciências Biológicas da Universidade Estadual de Londrina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ernst Eckehardt Muller

    2000-12-01

    Full Text Available Leptospirosis has been described in laboratory animal house of several countries happening among mice. albino rats. guinea pigs, dogs, rabbits, monkeys and man. The laboratory animal house of Biologic Science Center of Londrina State University maintains and breeds several species of animals and stray dogs trapped in citíes of Paraná State. In this paper w e r e utilized for leptospirosis research, 325 wistar rats. 323 albino mice. 289 dogs, 135 rabbits. 119 guinea pigs, and 57 black rats trapped around of animal house. The microscopic agglutination test with 22 cultures of Leptospira interrogans showed positive results in 110 dogs and o n e guinea pig, having been found antibodies against serovars canicola (62, 7%, pyrogenes (51,8%, castellonis (30.9% and icterobaemorrhagiae (23,6%. The dark field microscopy examination of 574 urine samples (282 albino mice, 224 wistar rats, 29 black rats, 24 dogs, 13 rabbits and two guinea pigs showed positive resuíts in six dogs. The seven attempts of urine and kidneys isolation were negatives.A leptospirose tem sido descrita em biotérios de vários países, acometendo camundongos, ratos albinos, cobaios, cães, coelhos e macacos além do manipuladores. O Biotério Centrai do Centro de Ciências Biológicas da Universidade Estadual de Londrina mantém e cria várias espécies de animais além de receber cães de rua, capturados em municípios do Estado do Paraná. Neste trabalho foram utilizados para a pesquisa de leptospirose, soros de 325 ratos wistar, 323 camundongos albinos. 289 cães de rua, 135 coelhos, 119 cobaios, além de 57 ratos pretos capturados nas proximidades do biotério. A prova de somaglutinação microscópica com 22 soroiipos de Lepiospira interrogans mostrou resultados positivos em 110 cães e um cobaio, sendo encontrado anticorpos principalmente contra os soroiipos canicola (62. 7%. pyrogenes (51.8%. castellonis (30,9% e icterohaemorrhagiae (23.6%. A pesquisa direta de leptospira em

  18. Kinetics of the cercaria-schistosomulum transformation in vivo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A. L. Melo

    1985-03-01

    Full Text Available Sitice most studies on the cercaria-schistosomulum transformation have been carried out in vitro, the authors used the inoculation ofcercariae into the peritoneal cavity of mice tofollow the steps involved in this progressive adaptation of cercarie to the vertebmte host. The main conclusions were: 1. Most cercariae reach the schistosomular stage between 90-120 min after intraperitoneal inoculation. 2. Changes usuallystart with detachment of the tail followed by loss, rupture or changes of the glycocalix. 3. After 120 min most larvae loss their tails and present water sensitivity. 4. Acetabular grands depletion usually does not occur in cercaria-shistosomulum changes in the peritoneal cavity of mice. These steps differ in some way from those described in the kinetics of the in vitro observations performed by other investigators, and is more like those described in the penetration in the skin of living vertebrates.Uma vez que a maioria dos estudos da transformação cercária-esquistossômulo têm sido realizados in vitro, os autores usaram a inoculação de cercárias na cavidade peritoneal de camundongos para seguir as etapas envolvidas nesta adaptação progressiva das larvas ao hospedeiro vertebrado. conclusões principais foram: 1. A maioria das cercárias atinge 0 estádio de esquistossômulo entre 90 - 120 minutos após a inoculação intraperitoneal. 2. As modificações usualmente são iniciadas com a perda da cauda, seguidas pela perda, ruptura ou modificações do glicocálice. 3. Após 120 minutos do inóculo, a maioria das larvas perde sua cauda e apresenta intolerância à água. 4. A depleção das glândulas acetabulares habitualmente não ocorre durante o processo de transformação cercária-esquistossômulo, na cavidade peritoneal do camundongo. Os resultados da inoculação intraperitoneal em camundongos aproximam-se mais dos achados da penetração da cercária na pele de hospedeiros vertebrados, e diferem, em parte, das

  19. Revisão sistemática sobre modelos experimentais de asma aguda e crônica induzidos com extrato de ácaro da poeira doméstica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Moisés Santos Dutra

    2017-07-01

    Full Text Available Introdução: Asma é uma doença crônica das vias aéreas inferiores com elevada prevalência. Pesquisadores no mundo todo têm desenvolvido vários estudos experimentais em camundongos com o objetivo de entender melhor os mecanismos da doença e testar novas terapias. Ácaros estão presentes de forma abundante na poeira doméstica, sendo considerados os alérgenos mais comuns desencadeantes de asma alérgica. Este estudo objetiva apresentar e discutir desfechos inflamatórios no tecido pulmonar dos camundongos, verificar a diferença entre os modelos agudo e crônico de asma alérgica, tempo de exposição ao alérgeno, dose administrada e seu impacto nas pesquisas em modelos experimentais com asma. Métodos: A revisão da literatura foi realizada em quatro bancos de dados (PubMed, Scielo, Scopus e ScienceDirect. Os artigos selecionados foram avaliados primeiramente por dois pesquisadores de forma independente, de acordo com os critérios de inclusão. Resultados: Foram separados 126 artigos. Aplicados os critérios de inclusão e exclusão, somente 15 foram selecionados. São artigos que apresentaram diferentes protocolos de exposição ao HDM. A dose de HDM mais encontrada foi 100µg seguida por 25µg, e o tipo de modelo foi agudo. Conclusão: No modelo agudo, observa-se um elevado nível de inflamação das vias aéreas. Já o modelo crônico reproduz melhor as características da asma em humanos, hiper-responsividade brônquica e remodelamento das vias aéreas. Palavras-chave: Asma; ácaro; alérgeno; camundongos

  20. Early weaning impairs body composition in male mice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Carolina Borges

    2009-12-01

    Full Text Available This study aimed to evaluate the effect of early weaning on body composition and on parameters related to nutritional status in mice. The experimental group consisted of male Swiss Webster mice that were weaned early (at postnatal day fourteen and fed an appropriate diet for growing rodents until postnatal day twenty-one (EW group. The control group consisted of male mice breastfed until postnatal day twenty-one (CON group. All animals were sacrificed on the twenty-first day of life. The EW group showed a decrease in liver and muscle protein content and concentration, brain protein concentration, brain DNA content and concentration, as well as liver and muscle protein/RNA ratio (pO presente estudo objetivou avaliar o efeito do desmame precoce sobre a composição corporal e sobre parâmetros indicativos do estado nutricional de camundongos. O grupo experimental consistiu de camundongos Swiss Webster, machos, desmamados precocemente (14º dia de vida e alimentados com ração apropriada para roedores em crescimento até o 21º dia pós-natal (grupo DESM. O grupo controle consistiu de camundongos amamentados até o 21º dia pós-natal (grupo CON. Todos os animais foram sacrificados no 21º dia de vida. O grupo DESM apresentou redução da concentração e conteúdo hepático e muscular de proteínas, da concentração cerebral de proteínas, da concentração e conteúdo cerebral de DNA e da razão proteína/RNA hepática e muscular (p<0,05. Quanto à composição corporal, o grupo DESM apresentou maior conteúdo de umidade, maior percentual de umidade e lipídios e menor conteúdo e percentual de cinzas e proteína na carcaça (p<0,05. Os resultados indicam que o desmame precoce acarreta em prejuízo à composição corporal e a parâmetros indicativos do estado nutricional, o que pode estar relacionado ao retardo do processo de maturação química. Os dados do presente estudo podem contribuir para o entendimento da influência da alimenta

  1. THE MOUSE AS AN EXPERIMENTAL MODEL FOR TITYUS SERRULATUS SCORPION ENVENOMING

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mônica de Mônico Magalhães

    1998-10-01

    Full Text Available The scorpion toxin induces a number of physiological parameters alterations, as disturbance of cardiac rhythm, heart failure, shock, pancreatic hypersecretion, abortion, respiratory arrhytmias and pulmonary edema. As the purification of the venom fractions is a laborious process, one alternative for this would be the utilization of small animals. We utilized in the present study thity-six mice that received progressive doses of scorpion toxin TsTX, i.p. or i.v., and were observed for three hours or sacrificed, and the pulmonary alterations were determined by the lung-body index and by histological analysis of the lungs in order to determine if the mouse can be an esperimental model for scorpion envenomation. The data were analyzed by One Way analysis of variance with pA toxina do escorpião induz a várias alterações fisiológicas, como disturbio do ritmo cardíaco, insuficiência cardíaca, choque, hipersecreção pancreática, aborto, arritmias respiratórias e edema pulmonar. A purificação de frações do veneno é um processo trabalhoso. Como alternativa utilizam-se animais pequenos. No presente estudo utilizou-se 36 camundongos que receberam doses progressivas de toxinas do escorpião (TsTX, intraperitoneal ou intravenosa e foram observados por tres horas ou sacrificados. As alteraçòes pulmonares foram determinadas pela fórmula peso do pulmão x 100/ peso corporal e pela análise hitológica dos pulmões a fim de determinar que o camundongo pode ser um modelo experimental do envenenamento pelo escorpião. Os dados foram analizados pela análise de variância considerando-se p<0,05 indicando significancia. Os experimentos não mostraram diferença nos sinais clínicos do envenenamento comparando-se o camundongo com outros mamíferos. Os efeitos foram dose-dependente e que pela via venosa necessita-se menos quantidade para produzir as mesmas alterações. Nos aspectos histológicos pulmonares observou-se edema septal e não alveolar

  2. Morphological and functional characterization of adherent splenic cells of mice

    OpenAIRE

    Sampaio, Elizabeth Pereira; Moreira, André Luiz; Sarno, Euzenir Nunes

    1985-01-01

    A separação, caracterização e ensaio funcional das células inflamatórias presentes no local de lesão têm se tornado imperiosos no estudo de diversas doenças. Através da utilização de métodos histoquímicos para esterase e fosfatase ácida, bem como do Teste de Fagocitose e da coloração pelo Giemsa, realizados nas células esplénicas de dez camundongos, foi possível se caracterizar bem os componentes do Sistema Fagocítico Mononuclear e distinguir os outros tipos de células presentes, além de perm...

  3. Avaliação da toxicidade aguda do extrato aquoso do pó do mesocarpo de Orbignya phalerata Mart (babaçu)

    OpenAIRE

    dos Santos e Silva, Ana Paula; de Sousa, Geane Felix; Mendes de Freitas, Rivelilson; Cunha Nunes, Lívio César

    2012-01-01

    Objetivos: os efeitos da administração aguda oral do extrato aquoso do pó obtido do mesocarpo de Orbignya phalerata Mart foram investigados sobre parâmetros bioquímicos e hematológicos em camundongos Swiss machos. Métodos: os animais (n= 5-7/grupo) foram tratados por via oral com as doses de 1, 2 e 3 g/kg de peso corporal, observados durante 24 h e em seguida foi feita a coleta do sangue para avaliação dos parâmetros bioquímicos e hematológicos. Resultados: o tratamento com extrato aquoso do ...

  4. Análise da ação do embrião e dos hormônios ovarianos na regulação da matriz extracelular de células deciduais: estudo in vivo e in vitro.

    OpenAIRE

    Ambart Ester Covarrubias Cisterna

    2013-01-01

    Durante a gestação, em varias espécies de mamíferos, os fibroblastos endometriais são alvos de profundas modificações morfofuncionais que levam a aquisição de um fenótipo epitelial e à expressão de novas moléculas, formando uma nova estrutura no útero denominada decídua. Em camundongos, a reação decidual pode ser estimulada artificialmente (na ausência de embrião), resultando na formação do deciduoma, um modelo de grande relevância para a identificação de fatores oriundos ou não do embrião ne...

  5. Diagnosis and isolation of Toxoplasma gondii in horses from Brazilian slaughterhouses Diagnóstico e isolamento de Toxoplasma gondii em equídeos de frigoríficos brasileiros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Evers

    Full Text Available This study aimed to investigate anti-Toxoplasma gondii antibodies and to isolate the parasite from the brains of horses processed at slaughterhouses in Brazil. We collected brain and blood samples from 398 horses of various ages, from six Brazilian states. Serum samples were evaluated by indirect fluorescent antibody test (IFAT cut-off titre ≥ 1:64, and brains were submitted to mouse bioassay. Among the 398 horses, positivity for T. gondii was identified in 46 (11.6% by IFAT and in 14 (3.5% by mouse bioassay. In 12 of those 14 bioassays, mice were positive only by IFAT (cut-off titre ≥ 1:16, T. gondii being isolated in the remaining two. Using polymerase chain reaction-restriction fragment length polymorphism (PCR-RFLP analysis of 18S rDNA to differentiate among T. gondii, Neospora caninum, and Sarcocystis neurona, we found that two of the 14 brains were positive for T. gondii only. For genotyping of the two isolates and the PCR-positive brain, we performed PCR-RFLP based on 13 markers, and SAG2 all samples were Toxoplasma gondii type I. Collectively, IFAT of horse sera and mouse bioassay identified positivity in 60 (15% of the samples. Our results show that some horses sent to slaughter in Brazil have been exposed to T. gondii.O objetivo do estudo foi investigar anticorpos anti-Toxoplasma gondii e isolar o parasita do cérebro de equídeos abatidos em matadouros-frigoríficos no Brasil. Colheram-se amostras de 398 cérebros e sangue de equídeos machos e fêmeas de idades variadas, provenientes de seis estados brasileiros. As amostras de soro foram avaliadas pelo teste de imunofluorescência indireta (IFI para T. gondii (ponto de corte ≥ 64, e os fragmentos de cérebros foram submetidos ao bioensaio em camundongos. Por meio da IFI, 46 (11,6% equídeos foram soropositivos. Pelo bioensaio em camundongos, 14 (3,5% cérebros de equídeos testados foram positivos. Em doze dos bioensaios, os camundongos foram positivos somente pela IFI (ponto

  6. Avaliação da atividade laxante de Operculina macrocarpa L. Urban (Convolvulaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    D. C. Michelin

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos sobre a motilidade intestinal de Operculina macrocarpa L. Urban, popularmente conhecida como batata-de-purga ou jalapa, nativa do nordeste brasileiro, que é indiscriminadamente utilizada pela população como laxante. O extrato hidroetanólico e suas frações diclorometano, acetato de etila, n-butanol e final foram avaliados quanto a sua atividade laxante, através do teste da motilidade intestinal em camundongos, assim como de uma preparação com o pó da planta, como é utilizada pela população. Os resultados mostraram que as frações diclorometano, acetato de etila, final e o pó da planta possuem efeito laxante no modelo experimental adotado.

  7. Estudos sôbre reservatórios e vectores silvestres do Trypanosoma cruzi. XXIV. Variação dos dados biométricos obtidos em amostras do T. cruzi isolados de casos humanos da Doença de Chagas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco Ferriolli Filho

    1968-02-01

    Full Text Available Estudo biométrico de 10 amostras de Trypanosoma cruzi isoladas de casos humanos da doença de CHAGAS, nove mantidas em camundongos brancos jovens e uma mantida em ratos brancos jovens, mostrou a existência de grandes variações amostrais. Assim os valores do comprimento total médio das diferentes amostras variaram entre 16,3μ e 21,8μ., enquanto os valores do índice nuclear médio oscilaram entre 0,93 e 1,52. Êstes resultados ampliam os limites de variações amostrais até agora observadas no T. cruzi, especialmente os que se referem ao índice nuclear médio.

  8. Influence of local or systemic corticosteroids on skin wound healing resistance Influência de corticosteróide local e sistêmico no processo cicatricial cutâneo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Ronaldo Alberti

    2012-04-01

    Full Text Available PURPOSE: To compare the resistance of skin wound healing of mice submitted to local or systemic hydrocortisone administration, in different postoperative periods. METHODS: An incision and suture was performed on the thoracic skin of 130 male mice: Group 1 (n = 10 resistance of the integer skin; Group 2 (n = 30 submitted only to skin incision and suture; Group 3 (n = 30 skin incision and suture followed by administration of saline fluid; Group 4 (n = 30 skin incision and suture followed by administration of local hydrocortisone; Group 5 (n = 30 skin incision and suture followed by administration of systemic hydrocortisone. The resistance of the wound healing and the weight of the animals were studied on the seventh, 14th and 21st postoperative days. Histological examination was also performed. RESULTS: The mice that received corticoid (groups 4 and 5 presented significant decreasing on their weight (p = 0.02. The Groups 3, 4 and 5 showed lower scar resistance than Group 2 on the seventh postoperative day (p 0.05. CONCLUSION: Administration of hydrocortisone in mice is responsible for weight decreasing and reduction of the skin wound healing resistance during the first postoperative week.OBJETIVO: Comparar a resistência cicatricial cutânea de camundongos submetidos a administração de hidrocortisona por diferentes vias e em distintos períodos pós-operatórios. MÉTODOS: Foram estudados 130 camundongos machos submetidos à incisão e sutura de pele da região dorsal do tórax: Grupo 1 (n = 10 resistência da pele íntegra; Grupo 2 (n = 30 incisão da pele e sutura, sem administração de corticóide; Grupo 3 (n = 30 incisão da pele e sutura, seguidas de injeção local de solução salina; Grupo 4 (n = 30 incisão da pele e sutura, seguidas de injeção local de hidrocortisona e Grupo 5 (n = 30 incisão da pele e sutura, seguidas de injeção intraperitoneal de hidrocortisona. Foram avaliadas a resistência cicatricial da pele e a varia

  9. Patogenicidade e virulência de Toxoplasma gondii isolado de suínos de criação artesanal no sul do Brasil

    OpenAIRE

    Oliveira,Plínio Aguiar de; Oliveira,Fernando Caetano de; Faria,Laura Maria Jorge de; Cademartori,Beatris Gonzalez; Marcolongo-Pereira,Clairton; Coelho,Ana Carolina Barreto; Pappen,Felipe Geraldo; Farias,Nara Amélia

    2014-01-01

    Estudos com Toxoplasma gondii em suínos são relevantes porque seus produtos e subprodutos fazem parte da cadeia alimentar do ser humano. As principais vias de transmissão deste agente são o carnivorismo, fecal-oral e congênita. Seis isolados de Toxoplasma gondii de suínos de criação artesanal foram avaliados quanto à patogenicidade e virulência em camundongos suíços albinos. A suspensão de taquizoítos utilizada nos testes foi obtida através da punção ou lavagem da cavidade peritoneal de camun...

  10. Pneumocystis carinii: its incidence in rodents and enhancement of the infection by corticosteroids

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Helly A. Lage

    1973-01-01

    Full Text Available A survey was made on the incidence of Pneumocystis carinii in 361 rodents including sewer rats, albino rats, albino mice, guinea-pigs and rabbits. P. carinii was found in 4 of the 215 Rattus norvegicus examined (1,8%. These results accord with recent observations but disagree with investigations made by the researchers who first studied this parasite in the past when high indexes of infection were found. However, in 20 albino rats treated with corticosteroids (betamethazone we found 8 positive (40% and in 20 albino mice treated by the same way, 9 were positive for P. carinii (45%. These results confirm the opportunistic character of P. carinii in rodents already well demonstrated in man.Foi feita uma investigação sobre a ocorrência de P. carinii em 361 roedores, incluindo ratos de esgoto, ratos albinos, camundongos albinos, cobaios e coelhos. Só foram encontrados positivos 4 Rattus norvegicus em 215 examinados (1.8%. Estes resultados estão de acordo com observações feitas nos últimos anos, os quais constrastam com as verificações feitas nos primeiros anos, os quais contrastam com as verificações feitas nos primeiros anos de estudo do P. carinii, quando foram assinalados altos índices infecciosos. Entretanto, em 20 ratos albinos tratados com corticosteróides (betametasona foram encontrados 8 positivos (40%; e em 20 camundongos albinos, tratados do mesmo modo, foram encontrados 9 positivos (45%. Estes resultados confirmaram o caráter oportunístico do P. carinii no roedores, do mesmo modo como acontece no homem.

  11. DIAGNÓSTICO LABORATORIAL DA RAIVA NO ESTADO DE GOIÁS NO PERÍODO DE 1976 A 2001

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Reinaldo Neves Sobrinho

    2006-10-01

    Full Text Available A raiva é uma enfermidade causada por um vírus neurotrópio da família Rhabdoviridae e gênero Lyssavirus. Todos os mamíferos, inclusive o homem, são susceptíveis.No período de 1976 a 2001, foram analisadas, no Centro de Diagnósticos e Pesquisas Veterinárias (CDPV, através das técnicas de imunofluorescência direta (IFD e inoculação em camundongos, 24.722 amostras do sistema nervoso central de diferentes espécies animais, provenientes de municípios do Estado de Goiás. Reações positivas para raiva foram obtidas em 22,1% (5.471 das amostras. Houve oscilações no percentual de positividade até o ano de 1996, e depois ocorreu uma diminuição gradativa, chegando a 10,9% em 2001. Os casos de raiva em cães e gatos têm decrescido de forma acentuada, sendo registrados 25 casos em cães e 2 em gatos no ano de 2001. Em bovinos, eqüinos e quirópteros o número de casos vem aumentando, sendo que do ano de 2000 para 2001 houve um crescimento de 16,4% para os casos em bovinos, atingindo 67,5% de amostras positivas(249/369 em 2001. Medidas de controle como a obrigatoriedade da vacinação de bovídeos, eqüídeos, ovinos e caprinos e o controle populacional dos quirópteros foram recentemente adotadas no Estado de Goiás. PALAVRAS-CHAVE: Animais domésticos, inoculação em camundongos, raiva, reação de imunofluorescência direta, Goiás.

  12. Comparação de dois testes de neutralização, utilizados no diagnóstico sorológico do vesiculovírus Piry Comparison of two neutralization test for the use in the Piry serologic vesiculovirus diagnose

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Tavares-Neto

    1993-10-01

    Full Text Available Realizou-se inquérito sorológico para pesquisar anticorpos neutralizantes contra o vesiculovírus Piry, na cidade de Catolândia-Bahia-Brasil. Duas técnicas de vírus-neutralização foram comparadas em cultura das células C6/36, com revelação pelo método imunoenzimático ( TN-C6/36 e em camundongos recém-nascidos (TN-camundongos, que é considerada a prova maior. Em 204 soros, dos 1 .274 colhidos, a concordância das duas técnicas foi de 98,7% (K= 0,9853. Com este resultado do TN-C6/36, que também é mais exeqüível, decidiu-se desenvolver o estudo soro-epidemiológico do vesiculovírus Piry, em Catolândia, baseado nesta nova técnica.A serological survey of Piry was undertaken of the sera of inhabitants of Catolância - Bahia State, Brazil. Serum results obtained by a vesiculovirus neutralization test of C6/36 cells read by ELISA are compared with those obtained by the classic technique, carried out on newbom mice. The agreement between the results was as high as 98.7% of the 204 sera tested and the neutralization test of C6/36 cells was chosen as the most suitable technique for the sero-survey testing.

  13. Efeitos dos anabolizantes sobre a densidade de neurônios dos núcleos da base

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ariane Cristine de Freitas

    Full Text Available RESUMO Objetivos: Pouco se sabe sobre a atuação dos esteroides androgênicos anabolizantes (EAA no cérebro humano e, por isso, resolvemos estudar a perda neuronal causada pelo uso e abuso de EAA em camundongos. Métodos: Utilizamos 60 camundongos da linhagem Swiss, sendo 30 machos e 30 fêmeas, divididos em três grupos: 20 animais foram tratados com Deposteron® (cipionato de testosterona; outros 20 animais foram tratados com Winstrol Depot® (stanozolol; os últimos 20 animais foram tratados com solução salina. Todos foram submetidos à natação por 15 minutos. Finalizado o tratamento, os animais foram sacrificados pelo método de inalação de Halotano. Os encéfalos foram retirados e armazenados em solução de formaldeído a 4% por 24 horas. De cada encéfalo foram retiradas amostras homotípicas da região média do cérebro em cortes frontais para que pudéssemos avaliar as áreas estabelecidas para este estudo. Resultados: As análises da estimativa dos perfis celulares mostraram que houve uma diminuição do número de perfis no núcleo pálido dos animais machos tratados com Winstrol Depot®. Conclusão: Esses resultados nos permitem inferir que o uso inadequado e sem orientação médica de EAA pode levar a degenerações celulares.

  14. Efeito do praziquantel incorporado a lipossomas nos diferentes estágios de desenvolvimento dos ovos de Schistosoma mansoni

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    T. F. FREZZA

    2009-01-01

    Full Text Available

    A esquistossomose mansônica é causada pelo trematódeo digenético intravascular Schistosoma mansoni. Para o tratamento dessa enfermidade o praziquantel (PZQ e a oxamniquina (OXA são os fármacos escolhidos. No entanto, esses fármacos apresentam limitações quanto à ação e casos de resistência ou tolerância já foram relatados. Por esse motivo, são necessários os estudos de novas alternativas que visam melhorar os fármacos já existentes, como a incorporação desses em lipossomas. Este estudo verificou a ação do praziquantel incorporado a lipossomas (lip.PZQ sobre os ovos de S. mansoni, linhagem BH em camundongos Mus musculus (Swiss- SPF. Para tanto, foram testadas quatro doses de PZQ e lip.PZQ (47; 60; 250 e 300mg/kg sendo que parte dos camundongos foi tratada após 30 dias de infecção e outra após 45 dias. A análise do oograma mostrou que a dose lip.PZQ 300mg/kg administrada no 45º dia de infecção foi mais eficaz, pois reduziu a oviposição pelas fêmeas de S. mansoni. Palavras-chave: Schistosoma mansoni; praziquantel; lipossoma; oograma.

  15. Differences between in vitro and in vivo obtained schistosomules Diferenças entre esquistossômulos obtidos in vitro e in vivo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alan L. Melo

    1990-04-01

    Full Text Available The injection of cercariae of Schistosoma mansoni into the peritoneal cavity of naive mice induces cell adhesion to these larvae, and this adherence sharply decreases when the infecting larva changes to schistosomule. This procedure was used to detect differences between schistosomules obtained in vivo and in vitro. Reinoculation of schistosomules obtained in vivo into the peritoneal cavity of mice did not trigger cell adhesion. In contrast, adherent cells were found in 4 and 24-hour-in vitro schistosomules. Our data on schistosomules obtained in vitro indicate that more than 24 hours are needed for complete remotion of molecules involved in the phenomenon of cell adhesion.Injeção de cercárias de Schistosoma mansoni na cavidade peritoneal de camundongos normais induz adesão celular a estas larvas. Esta aderência diminui acentuadamente quando as larvas infectantes se transformam em esquistossômulos. Este procedimento foi usado para detectar diferenças entre esquistossômulos obtidos in vivo e in vitro. A reinoculação de esquistossômulos obtidos in vivo na cavidade peritoneal de camundongos não acarreta adesão celular. Por outro lado, células aderentes foram encontradas em esquistossômulos obtidos in vitro (4 e 24 horas, respectivamente. Nossos dados referentes a esquistossômulos obtidos in vitro indicam que mais de 24 horas são necessárias para a completa remoção de moléculas envolvidas no fenômeno de adesão celular.

  16. Bioquímica da esquistossomose mansônica: envolvimento dos siderossomos nos processos inflamatórios hepáticos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Erlon Araújo Rodrigues

    1990-06-01

    Full Text Available Os processos inflamatórios que se desenvolvem durante as etapas avançadas da esquistossomose mansônica hepática foram relacionados, com o acúmulo de siderossomos, a capacidade dos íons ferrosos/férricos de desencadearem a formação de radicais livres e aperoxidação de lipídios membranáceos, assim como à diminuição da estabilidade das membranas dos diversos componentes do compartimento lisossômico hepático. Os lisossomos isolados de figados de camundongos infectados por 100 cercárias, com 80 e 100 dias de infecção, foram respectivamente, 2,5 e quase 4 vezes mais frágeis que os controles, isolados de figados de camundongos não infectados. A presença de siderossomos em grande quantidade foi demonstrada por espectrometria aos raios-X.The inflammatory processes that develop during the advanced stages of hepatic Schistosomiasis mansoni have been related in this study to: (a accumulation of siderosomes; (b capacity of the ferrous/ferric ions to unleash the formation of free radicals; (c peroxidation of membranaceous lipids and; (d reduction of stability of the membranes of several components of the hepatic lysosomal compartment. The lysosomes isolated from the livers of infected mice by 100 cercariae, with 80 and 100 days of infection, were respectively 2.5 and almost 4 times weaker than the control ones isolated from livers of non-infected mice. The presence of a great quantity of siderosomes has been demonstrated by transmission electronic microscopy and X-ray spectrometry microanalysis.

  17. Aspectos imunológicos do sistema enzimático fenoloxidase de Schistosoma mansoni Immunological aspects of the phenol oxidase enzymatic system of Schistosoma mansoni

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Tadeu Ribeiro-Paes

    1994-10-01

    Full Text Available O sistema enzimático fenoloxidase (EC 1.10.3.1, EC 1.10.3.2 está amplamente distribuido entre os seres vivos, tendo sido descrito em diferentes espécies do reino animal e vegetal. Apesar de desempenhar um papel fundamental na formação da cápsula ou parede dos ovos de trematódeos, o sistema enzimático fenoloxidase (PO tem sido pouco estudado nesses organismos. No presente trabalho são apresentados os resultados iniciais de imunizações de coelhos contra PO de fêmeas adultas de S. mansoni e tirosinase de cogumelo (Sigma. As análises imunológicas, realizadas através de imunodifusão dupla (teste de Ouchterlony e imunoeletroforese, revelaram identidade imunitária parcial entre a PO de machos e fêmeas. Não se observou reação cruzada entre os antissoros de coelhos imunizados contra PO e aqueles com tirosinase, indicando que, embora os sítios catalíticos de ambas as enzimas devam ser semelhantes, já que atuam sobre os mesmos substratos, os determinantes antigênicos devem ser diferentes. Os resultados descritos no presente trabalho representam um primeiro passo no sentido da purificação das isoenzimas da fenoloxidase e sua posterior utilização ao estudo dos mecanismos moleculares envolvidos na esclerotização da parede dos ovos de S. mansoni.The phenol oxidase enzymatic system (EC 1.10.3.1, EC 1.10.3.2 is widespread in different species of the animal and vegetal kingdom. Despite its importance in the eggshell formation of the trematodes phenol oxidase (PO has been little studied in these organisms, mainly in S. mansoni. This report presents the initial results concerning the immunization of rabbits with PO of S. mansoni and mushroom tyrosinase. The immunological analysis done by means of double immu-nodifusion (Ouchterlony and immunoelectrophoresis techniques revealed some immunological identity between the PO of males and females. It was not seen cross reaction between the antisera against PO and tyrosinase, what suggests

  18. Infecção pelo vírus da hepatite B em hemofílicos em Goiás: soroprevalência, fatores de risco associados e resposta vacinal Seroprevalence, vaccination response and risk factors for hepatitis B virus infection in hemophiliacs in Goiás

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renato S. Tavares

    2004-01-01

    Full Text Available Objetivando determinar a prevalência da infecção pelo vírus da hepatite B (HBV em hemofílicos em Goiás, analisar os fatores de risco associados e avaliar a resposta vacinal contra hepatite B, 102 pacientes foram entrevistados e amostras sangüíneas coletadas para detecção dos seguintes marcadores sorológicos: HBsAg, anti-HBs e anti-HBc. Uma prevalência global de 43,7% (IC 95%: 33,5-54,2 para infecção pelo HBV foi encontrada. A análise multivariada dos fatores de risco mostrou que o número de episódios transfusionais e sorologia positiva para o vírus da hepatite C estiveram significantemente associados à positividade ao HBV. Foram identificados 49 (48,1% hemofílicos susceptíveis a esta infecção, sendo imunizados 30 pacientes com a vacina recombinante Euvax-B. Destes, 28 (93,3% indivíduos apresentaram títulos de anti-HBs maiores que 10 UI/L, o que mostra uma boa resposta à vacina. Os achados deste estudo ressaltam a importância das medidas de controle e prevenção da hepatite B nesta população.In order to study the prevalence and risk factors for hepatitis B in hemophiliacs in Goiás, 102 patients were interviewed and blood samples collected and screened for the following serological markers: HBsAg, anti-HBs and anti-HBc. An overall prevalence of 43.7% (95% IC: 33.5-54.2 was found to hepatitis B virus (HBV infection. Multivariate analysis of risk factors showed that the number of transfusions and positive serology for hepatitis C virus were significantly associated with HBV positivity. There were 48 (48.1% susceptible patients for this infection, of whom 30 were immunized with the Euvax-B vaccine. Among them, 28 (93.3% individuals developed anti-HBs titers higher than 10 IU/L. Thus, a good response was observed in the studied population. The findings of this study emphasize the importance of strategies of control and prevention of hepatitis B in this population.

  19. Stability of Citrus tristeza virus protective isolates in field conditions Estabilidade de isolados protetores contra Citrus tristeza virus em condições de campo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alessandra Tenório Costa

    2010-07-01

    Full Text Available The objective of this work was to monitor the maintenance of Citrus tristeza virus (CTV protective isolates stability in selected clones of 'Pêra' sweet orange (Citrus sinensis, preimmunized or naturally infected by the virus, after successive clonal propagations. The work was carried out in field conditions in the north of Paraná State, Brazil. Coat protein gene (CPG analysis of 33 isolates collected from 16 clones of 'Pêra' sweet orange was performed using single strand conformational polymorphism (SSCP. Initially, the isolates were characterized by symptoms of stem pitting observed in clones. Then viral genome was extracted and used as template for the amplification of CPG by reverse transcription polimerase chain reaction (RTPCR. RTPCR products electrophoretic profiles were analyzed using the Jaccard coefficient and the UPGMA method. The majority of the clones had weak to moderate stem pitting symptoms and its CTV isolates showed alterations in the SSCP profiles. However, the stability of the protective complex has been maintained, except for isolates from two analised clones. Low genetic variability was observed within the isolates during the studied years.O objetivo deste trabalho foi monitorar a manutenção da estabilidade de isolados protetores contra Citrus tristeza virus (CTV em clones selecionados de laranja 'Pêra' (Citrus sinensis pré-imunizados ou infectados naturalmente pelo vírus, após sucessivas propagações clonais. O trabalho foi realizado em condições de campo, no norte do Estado do Paraná. A análise do gene da capa protéica (GPC de 33 isolados, coletados de 16 clones de laranjeira 'Pêra', foi realizada com o uso da técnica polimorfismo conformacional da fita simples (SSCP. Inicialmente, os isolados foram caracterizados por meio de sintomas de caneluras observados nos clones. Em seguida, o genoma viral foi extraído e utilizado como molde para a amplificação do GCP com uso da transcrição reversa da rea

  20. Subacute sclerosing panencephalitis: clinical aspects and prognosis. The Brazilian Registry Panencefalite esclerosante subaguda, aspectos clínicos e prognóstico: Registro Brasileiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    MAGDA LAHORGUE NUNES

    1999-06-01

    Full Text Available Subacute sclerosing panencephalitis (SSPE is an inflammatory neurodegenerative disease related to the persistence of measles virus. Although its frequency is declining because of measles eradication, we still have some cases being diagnosed. With the aim to describe epidemiological aspects of SSPE in Brazil, we sent a protocol to Child Neurologists around the country, 48 patients were registered, 27 (56 % were from the southeast region, 34 (71% were male and 35 (73% white, 27 (56% had measles, 9 (19% had measles and were also immunized, 7 (14% received only immunization, 1 patient had a probable neonatal form. Mean time between first symptoms and diagnosis was 12 months (22 started with myoclonus or tonic-clonic seizures, 7 (14% with behavioral disturbances; 36 patients (75% had EEG with pseudoperiodic complexes. Follow up performed in 28 (58 % patients showed: 12 died, 2 had complete remission and the others had variable neurological disability Our data shows endemic regions in the country, a high incidence of post-immunization SSPE and a delay between first symptom and diagnosis.A panencefalite esclerosante subaguda é doença neurodegenerativa inflamatória relacionada à persistência do vírus do sarampo no organismo. Sua incidência vem diminuindo significativamente com a erradicação do sarampo, mas eventualmente alguns casos ainda têm sido diagnosticados. Com o objetivo de descrever aspectos epidemiológicos da panencefalite no Brasil contactamos Neurologistas Infantis de todo país. Foram registrados 48 pacientes, 27% da região sudeste, 34 (70% do sexo masculino, 35 (73% brancos, 9 (19% apresentaram sarampo e receberam imunização, 7 (14% somente imunizados, um paciente apresentou provável forma neonatal. Intervalo médio entre primeiro sintoma e diagnóstico de 12 meses, 22 pacientes (45% iniciaram o quadro com mioclonus ou convulsões tônico-clônicas, 7 (14% com distúrbios comportamentais; 36 (75% apresentaram EEG com

  1. Glycerol monooleate/solvents systems for progesterone transdermal delivery: In vitro permeation and microscopic studies Sistemas monoleína/solventes para a liberação transdérmica da progesterona: estudos de permeação cutânea e microscópicos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gislaine R Pereira

    2002-03-01

    Full Text Available Transdermal delivery of most drugs is precluded by the barrier characteristics of the stratum corneum (SC. Chemical penetration enhancers are capable of interacting with SC constituents, inducing a temporary reversible increase in the skin permeability. The aim of this work was to assess the influence of glycerol monooleate (GMO/solvents systems on percutaneous absorption across hairless mouse SC of a lipophilic drug, progesterone (PG, as well as its effect on the SC structural characteristics, by scanning electron microscopy (SEM and confocal laser scanning microscopy (CLSM. The morphological changes observed in the hairless mouse SC suggest a GMO effect on the skin barrier. In addition, the increase in the In vitro PG flux and in vivo penetration of a fluorescent label point towards GMO as a potential absorption enhancer. The results obtained showed that GMO/solvents systems provoked changes in the SC that could be causing increased permeation of PG across hairless mouse skin, optimising in this way the transdermal delivery of this drug.A liberação transdérmica de muitos fármacos é dificultada pelas características de barreira do estrato córneo. Promotores químicos de absorção cutânea são capazes de interagir com os constituintes do estrato córneo, induzindo aumento temporário e reversível na permeabilidade da pele. O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência de sistemas monoleína (monoleato de glicerol/solventes na absorção percutânea de um fármaco lipofílico (a progesterona, através do estrato córneo de camundongos sem pelo, bem como o efeito da monoleína nas características estruturais do estrato córneo, por meio de microscopia eletrônica de varredura (SEM e microscopia de varredura confocal a laser (CLSM. As alterações morfológicas observadas no estrato córneo de camundongos sem pelo sugerem efeito da monoleína na barreira da pele. E, ainda, o aumento no fluxo In vitro da progesterona, bem como na

  2. Antiinflammatory, antinociceptive and antipyretic effects of hydroethanolic extract from Macrosiphonia velame (A. St.-Hil. M. Arg. in animal models

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Reginaldo Vicente Ribeiro

    2010-09-01

    Full Text Available Macrosiphonia velame (Apocynaceae, popularly known as "velame-branco", is mainly used for treating inflammatory conditions. The antiinflammatory, antinociceptive and antipyretic effects of the hydroethanolic extract of the xylopodium from M. velame (HEMv were evaluated using several animal models. HEMv showed low acute oral toxicity with LD50 of 4.176 ± 218.5 mg/kg in mice. In tests of carrageenan and dextran-induced paw edema and carrageenan-induced pleurisy in rats, and croton oil-induced cutaneous dermatitis in mice, HEMv presented systemic and topical antiinflammatory activities. In experiments of nociception induced by acetic acid, formalin and capsaicin in mice, the HEMv evidenced an antinociceptive effect, being active against both inflammatory and neurogenic pain. Additionally, the HEMv prevented brewer's yeast-induced pyrexia in rats. It is likely that the pharmacologic mechanism of HEMv may involve the inhibition of different mediators of the inflammatory response, such as histamine, serotonin, prostaglandins and leukotrienes. A preliminary phytochemical study was also undertaken on HEMv, which revealed the presence of flavonoids, phenolic compounds, pentacyclic triterpenoids, saponins, coumarins, catechins, tannins, and alkaloids. Taken together, these results suggest that M. velame extract has antiinflammatory, antinociceptive and antipyretic properties and further validate the traditional use of this plant in inflammatory conditions.Macrosiphonia velame (Apocynaceae, conhecida popularmente como velame-branco, é utilizada no tratamento de inflamações. Avaliou-se nesse estudo, os efeitos antiinflamatório, antinociceptivo e antipirético do extrato hidroetanólico do xilopódio de M. velame (HEMv em modelos animais. O HEMv apresentou baixa toxicidade aguda oral, com DL50= 4.176 ± 218,5 mg/kg nos camundongos. Nos testes de edema de pata por carragenina e dextrana e pleurisia por carragenina em ratos e dermatite cutânea por

  3. Infecção per os de gatos com formas vegetativas de Toxoplasma gondii Nicolle & Manceaux, 1909 sem produção de oocistos Oral infections of domestic cats with vegetative forms of Toxoplasma gondii Nicolle & Manceaux, 1909 without oocyst production

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Felippe Nery-Guimarães

    1973-01-01

    Full Text Available Quatro grupos de 6 gatos (24 gatos recém-nascidos e desmamados receberam "per os", respectivamente, suspensões de toxoplasmas de camundongos com 3-4 dias de infecção, de 4 amostras de T. gondii. Cada grupo teve um gato testemunha. Nenhum dos gatos de experiência eliminou oocistos atribuíveis a T. gondii, em períodos de observação de 6 a 20 dias; e suas fezes, conservadas 2-4 dais em bicromato de potássio a 2,5% e ministradas "per os" a camundongos, não induziram toxoplasmose nesses roedores. Com exceção dos que eram portadores de Isospora, os gatos não mostraram formas evolutivas de coccídios no epitélio intestinal. Em todos os grupos a infecção toxoplásmica foi comprovada pela positividade da reação de Sabin & Feldman (1:16 a 1:1024; e pelo isolamento de toxoplasmas pela inoculação de triturados dos seus principais órgãos em camundongos indicadores. De um modo geral, os gatos mais crescidos não mostraram sinais de doença, porém os outros, e principalmente os recém-nascidos adoeceram e vários morreram de toxoplasmose sistêmica: esplenite, hepatite, enterite, penumonia e, mais raramente, miocardite e encefalite. Os toxoplasmas foram encontrados em todos esses órgãos e, tamém, nos rins e supra-renais.Vegetative forms of 4 strains of Toxoplasma from peritoneal fluid of mice with 3-4 days of acute infection were orally administered to 4 groups of 6 newborn and wealing kittens respectivelly. Each group had a control kitten. All kittens were observed for eriods of 6-20 days ans never passed in their faeces oocysts attributabel to T. gondii. On the other hand, their faces after 2-4 days in potassium dichromate at 2.5% inoculated orally in mice didn't produce Toxoplasma infection in these animals; and with exception of the cats that have had spontaneous isosporosis (I. felis and/or I. rivolta we didn´t see evolutive forms of Coccidia in the intestinal wall of the cats. In all cat groups the toxoplasmic infection was

  4. Behavior of Leishmania major metacyclic promastigotes during the course of infection and immune response development in resistant versus susceptible hosts Comportamento de promastigoteas metacíclicos de Leishmania major durante o curso da infecção e da resposta imune em hospedeiros resistentes versus suscetíveis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Regina Coeli Cunha Dórea

    2003-11-01

    negativamente carregadas, enquanto que promastigotas metacíclicos não se aderem à coluna e podem ser recuperados com facilidade. Condições ótimas de cromatografia foram validadas por análise estatística. O rendimento médio de parasitas obtidos após separação em colunas de lã de vidro e a viabilidade dos promastigotas foram estimados por microscopia óptica. Os promastigotas metacíclicos tiveram um rendimento médio de 43,5% a 57,5%. Camundongos BALB/c (susceptíveis e camundongos C57BL/6 (resistentes apresentaram padrões distintos de lesões cutâneas, os primeiros com lesões mais agressivas, induzidas por promastigotas metacíclicos. As respostas à reação de HTR foram maiores nos grupos de camundongos C57BL/6, submetidos à infecção com promastigotas metacíclicos. Estes resultados indicam que o novo método poderia ser integrado aos protocolos existentes para estudar a metaciclogênese de parasitas do gênero Leishmania in vivo.

  5. Proteínas do feijão preto sem casca: digestibilidade em animais convencionais e isentos de germes (germ-free Proteins of dehulled black beans: digestibility in conventional and germ-free animals

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Conceição Angelina dos Santos PEREIRA

    2002-01-01

    Full Text Available O feijão (Phaseolus vulgaris, L. é uma leguminosa de grande importância para a dieta da população brasileira. No entanto, um de seus maiores problemas é representado pelo baixo valor nutricional de suas proteínas, decorrente, por um lado, da sua baixa digestibilidade e, de outro, do teor e biodisponibilidade reduzidos de aminoácidos sulfurados. Com o objetivo de avaliar a digestibilidade das proteínas albumina e globulina do feijão preto sem casca, foram realizados ensaios biológicos com camundongos isentos de germes e convencionais e com ratos (Wistar, recém-desmamados, com idade de 21 a 25 dias. Avaliou-se ainda o Escore Químico Corrigido pela Digestibilidade da Proteína. A digestibilidade verdadeira no experimento com camundongos isentos de germes foi de 90,21 e 90,00%, no teste com camundongos convencionais foi de 85,53 e 86,73%, e no experimento com ratos foi de 82,62 e 68,53%, para albumina e globulina, respectivamente. O Escore Químico Corrigido pela Digestibilidade da Proteína foi de 61,00% para a albumina e 51,00% para a globulina. A digestibilidade determinada em animais isentos de germes foi superior aos valores encontrados em animais convencionais, sugerindo que a flora intestinal esteja contribuindo para elevar o teor de nitrogênio nas fezes dos animais convencionais, e, portanto, esteja sendo subestimada a digestibilidade verdadeira do feijão.The bean (Phaseolus vulgaris, L. is a legume of great importance in the Brazilian typical diet. Nevertheless, it presents a low protein quality due to its poor digestibility and low levels and bioavailability of its sulfur aminoacids. The aim of this study was to evaluate the digestibility of albumin and globulin protein fractions of dehulled black beans in conventional and germ-free mice and also in weaning rats (Wistar of 21 to 25 days of age. Protein Digestibility Corrected Amino Acid Score was also determined. True digestibility values in germ-free mice were 90.21 and 90

  6. Efeito da dessecação das fezes de triatomíneos na sobrevivência de formas metacíclicas de Trypanosoma cruzi

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vânia A. Soares

    1986-12-01

    Full Text Available Estudou-se a taxa de dessecação das fezes de triatomíneos à temperatura ambiente e diferentes umidades relativas e à temperatura média da pele humana (33 °C. O tempo necessário para evaporar a água contida nas fezes de barbeiro é inversamente proporcional ao déficit de saturação atmosférica e é acelerado a temperaturas mais altas. Estudou-se a motilidade dos flagelados fecais diretamente ao microscópio e a infectividade dos mesmos após introdução na cavidade peritoneal de camundongos. A baixa umidade ambas, motilidade e infectividade, foram perdidas antes de 30 minutos. Em altas umidades esses parâmetros foram preservados, em grau variado, por mais de 30 minutos. A 33 °C, 100% dos camundongos foram infectados depois de 15 minutos, mas somente 3,3% após 30 minutos de exposição. As condições ambientais no interior de uma casa em Mambai variaram acentuadamente no período de estudo. Entretanto, foram geralmente similares àqueles observados experimentalmente em laboratório.We studied the rate of dessication of bug faeces at room temperature with different relative humidities and at the mean temperature of the human skin (33°C. The time necessary to evaporate the water present in bugfaeces was inversely proportionalto the atmosphere saturation deficit and was accelerated at higher temperatures. We studied the motility offaecalflagellates on direct microscopy and infectivity ofthe same afterthe introduction of the faeces in the peritoneal cavity of mice. At low humidities, both motility and infectivity were lost within 30 minutes, at high humidities these parameters were preserved up to 30 minutes at 33°C. 100% ofmice were infected after 15 minutes, butonly 3.3% after 30 minutes exposure at this temperature. Ambiental conditions of the interior of a house in Mambai varied greatly over a year of observation. However they were often similar to those of our laboratory experiments.

  7. Anti-inflammatory and analgesic activities of red seaweed Dichotomaria obtusata

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Iris Frías Vázquez

    2011-03-01

    Full Text Available The aim of the present work was to investigate the anti-inflammatory and analgesic effects of red seaweed Dichotomaria obtusata, using classic tests in mice (ear edema induced by TPA and writhing induced by acetic acid. The qualitative chemical composition of the aqueous extract (lactones, phenols, triterpenes, steroids and reduced carbohydrates obtained from this alga was also determined. The results showed that Dichotomaria obtusata (12.5, 25 and 50 mg/kg, ip inhibited mouse ear edema in a dose-dependent manner. In the writhing test, aqueous extract (12.5, 25, 50 and 100 mg/kg, ip and 100, 200, 400, 800 mg/kg, po significantly reduced abdominal writhes. In conclusion, this study demonstrated the anti-inflammatory and antinociceptive activities of aqueous extract of D. Obtusata in experimental models. These results suggest that D. obtusata aqueous extract possesses therapeutic potential in the treatment of peripheral painful or/and inflammatory conditions.O objetivo do presente trabalho é centrado nos efeitos antiinflamatórios e analgésicos da alga vermelha Dichotomaria obtusata por meio de clássicos testes em camundongos (edema de orelha induzido por TPA e contorção induzida por ácido acético. Também foi determinada a composição química qualitativa do extrato (lactonas, fenóis, triterpenos, esteróides e carboidratos reduzidos. Os resultados mostraram que de Dichotomaria obtusata (12,5, 25 e 50 mg/kg, ip inibiu o edema de orelha do camundongo de forma dose-dependente. No teste de contorção, extrato aquoso (12,5, 25, 50 e 100 mg/kg, ip e 100, 200, 400, 800 mg/kg, po reduziu o contorções abdominais de forma significativa. Em conclusão, o estudo demonstrou a atividades antiinflamatória e antinociceptiva do extrato aquoso em modelos experimentais. Estes resultados sugerem que o extrato aquoso D.obtusata possuem potencial terapêutico no tratamento de dor periférica e/ou de doenças inflamatórias.

  8. Contribuição para o estudo dos mecanismos de transmissão do agente etiológico da doença de Chagas A contribution to the study of the mechanisms of transmission of the etiological agent of "Chagas" disease

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosa Domingues Ribeiro

    1987-02-01

    Full Text Available Foram capturados no Município de Ribeirão Preto, SP, Brasil, exemplares de gambá, Didelphis albiventris. Na medida em que os exemplares chegavam ao laboratório foram submetidos a exames de sangue a fresco, hemoculturas e xenodiagnósticos, com o propósito de descartar a hipótese de infecção natural. Em cativeiro os animais passaram a ter, como parte de sua alimentação, camundongos parasitados pela cepa Bolívia do Tripanosoma cruzi ou exemplares de triatomíneos comprovadamente infectados pela mesma cepa do parasita. Vinte e cinco dias após a última refeição, foram realizados xenodiagnósticos nos animais em experimentação, cujo índice de infecção nos animais que ingeriram camundongos infectados foi de 60,0% e naqueles que ingeriram triatomíneos foi de 83,3%. Os resultados revelaram que os gambás apresentaram altos índices de infecção, mostrando a importância da via oral como porta de entrada do T. cruzi, bem como a importância do D. albiventris como reservatório do parasita nos focos naturais de infecção e elo de ligação entre o ambiente silvestre e o domicílio.The infection of several opossums Didelphis albiventris, male, female and young, by oral means by feeding them either on infected triatomines or on mice experimentally infected by Tripanosoma cruzi, is studied. After feeding uncontaminated opossums on carcasses or living specimens of baby mice, infected with the Bolivian strain of T.cruzi, a 60.0% infection index was obtained on xenodiagnoses. On the other hand, after feeding uncontaminated opossums on infected triatomines, an 83.3% index was obtained on xenodiagnoses. These results indicate that the feeding on infected mammals, as well as the ingestion of infected triatomines by omnivorous animals gives high infection indices and demonstrates the importance of the oral route as the means of access of T. cruzi. The also show the importance of opossums as reservoirs of the parasite in the natural focci of

  9. Ação do radium sôbre o vírus da Coriomeningite linfocitária benigna Radium effect upon the lymphocytic choriomeningitis virus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J. Guilherme Lacorte

    1968-01-01

    Full Text Available O presente trabalho faz parte de uma seqüência iniciada em 1953 com a verificação do efeito dos raios X sôbre o vírus da gripe em que observamos que os mesmos, em doses fracas, tem aumentado o seu poder patogênico para camundongos. Posteriormente, verificamos a ação do radium sôbre o vírus da gripe e da poliomielite. Neste último caso, o vírus irradiado mostrou-se ativo durante maior número de dias. Nas pesquisas aqui referidas, submetemos o vírus da coriomeningite linfocitária benigna a ação do radium, usando quatro agulhas de 1 mg desse elemento em dispositivo que idealizamos para êste fim. Depois de irradiada, foi a suspensão de vírus diluida a 10*-1, 10*-2 e 10*-3 para as inoculações em camundongos, juntamente com as diluições testemunhas. Observamos que o vírus resistiu pelo menos 264 dias, à temperatura de 4ºC. Quanto às alterações do poder patogênico provocadas pelo radium verificamos que o mesmo não se altera após 24 horas de irradiação. Diminue após 8 dias para aumentar, de modo seguro, após 20 e 33 dias. Iguala-se ao testemunha depois de 78 dias.In the present paper the authors refered the experiments made with the lymphocytic chriomeningitis virus. We strain, after exposition to 4 tubes of 1 mg of radium. The virus suspension was put into the Carrel flask in a layer of 0,1 cm. The titrations of the irradiated virus suspension were made after 24 hours, 8, 20, 33, 78, 85, 120, 264, 292, 387 and 535 days. the virus was still active after 264 days, not after 292 days. The virus irradiated during 24 hours presented the same pathogenicity form mice than the control but after 8 days it was lesser and after 20 and 33 days it was enchanced (Graphic 10. After 78 days the pathogenic power was the same for the irradiated virus and the control.

  10. Acute inflammatory response to a foreign body in Calomys callosus Perfil de migração celular agudo induzido pela presença de corpo estranho em Calomys callosus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Kipnis

    2008-07-01

    Full Text Available

    Calomys callosus are wild rodents present in the Brazilian savannas that were adapted to the laboratorial conditions. These animals are resistant to infections that induce chronic inflammatory responses (Trypanosoma cruzi and Paracoccidioides brasiliensis. The objective of this work was to characterize the acute inflammatory reaction, prompted by the subcutaneous implementation of a foreign body. Twenty seven C. callosus and thirty B10A mice received implant and were comparatively analyzed during 144 hours. Circular cover slides implanted in C. callosus showed predominance of macrophages and eosinophils whereas in the mice, the neutrophils followed by the macrophages were the migratory dominant cells (p <0.05. It was concluded that C. callosus present inflammatory mechanisms for the removal of foreign body different from the ones found in the other rodents as well as in the human beings.

     

    KEY WORDS: Acute inflammation, cover slip, granuloma, histology, wild rodents.

    Calomys callosus são roedores silvestres presentes no cerrado brasileiro, que foram adaptados às condições laboratoriais. Trata-se de animais que apresentam resistência às infecções que induzem respostas inflamatórias crônicas (Trypanosoma cruzi e Paracoccidioides brasiliensis. O objetivo deste trabalho foi caracterizar a reação inflamatória, na fase aguda, induzida pela implantação subcutânea de um corpo estranho. Vinte e sete C. callosus e trinta camundongos (B10A foram implantados e analisados comparativamente durante 144 horas. Lamínulas implantadas em C. callosus mostraram predomínio de macrófagos e eosinófilos, enquanto que, nos camundongos, os neutrófilos seguidos pelos macrófagos foram as células migratórias dominantes (p< 0,05. Conclui-se que os C. callosus

  11. Effects of betamethasone on the course of experimentai. Infection with Trypanosoma cruzi

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Frederico G.C. Abath

    1986-09-01

    Full Text Available In this experiment, the effect of betamethasone administered in the early post- acute infection of mice by Trypanosoma cruzi was studied. This drug was administered during 30 days after the 42nd day of infection in a dose of 0.15 mg/day. The betamethasone treatment did not cause fresh outbreaks of parasitemia and the histopathological findings in the chronic phase were not different from those in the control group. The higher cumulative mortality after treatment in the experimental group was due to superimposed bacterial infections. Outbred albino mice infected with low numbers ofY strain Trypanosoma cruzi trypomastigotes were not suitable models for Chagas' disease, since after 7 months of observation only mild histological lesions developed in all the animais. Prolonged betamethasone treatment of mice infected with low numbers o/Trypanosoma cruzi of the Y strain, during the post-acute phase did not aggravate the course of infection.Foram estudados os efeitos da betametasona administrada na fase pós-aguda imediata de uma infecção pelo T. cruzi em camundongos. O tratamento consistiu de 30 doses diárias de 0,15 mg de betametasona, a partir de 42° dia de infecção, não havendo aparecimento de novos surtos de parasitemia. No tempo de duração do experimento (7 meses não houve diferença entre as lesões histopatológicas dos animais tratados e dos não tratados. O grupo experimental apresentou uma maior mortalidade acumulada no 75º dia de infecção, o que pode ser atribuído a infecções bacterianas associadas. Por outro lado, camundongos albinos "outbred", infectados com baixo inóculo, não se apresentaram como bom modelo de doença de Chagas, já que não desenvolveram lesões importantes nem na fase aguda nem após 7 meses de infecção. Em conclusão, o tratamento imunosupressivo prolongado, após a fase aguda de uma infecção mínima com a cepa Ydo T. cruzi não tem influência sobre o curso da infecção, pelo menos no que tange

  12. Betametasona e extrato aquoso de Arctium lappa no tratamento da angiostrongilíase Betamethasone and aqueous extract of Arctium lappa for treating angiostrongyliasis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camila Argenta Fante

    2008-12-01

    Full Text Available Angiostrongylus costaricensis é um parasita que causa angiostrongilíase abdominal em humanos, seu tratamento inclui o uso de antiinflamatórios apesar da falta de estudos que justifiquem esta conduta. O objetivo deste artigo é avaliar o efeito da betametasona e da Arctium lappa na evolução de lesões intestinais induzidas pelo parasita. Utilizou-se camundongos Swiss, machos, adultos, distribuídos em 4 grupos: infectados tratados com betametasona; com Arctium lappa; não tratados e grupo controle. Os tratamentos iniciaram no 15º dia de infecção e permaneceram por 15 dias. Infiltrado eosinofílico e granuloma foram avaliados (1-leve; 2-moderado; 3-severo. A betametasona permitiu a evolução das lesões para formas mais graves, enquanto o extrato não interferiu na progressão da patologia. As substâncias empregadas não mostraram eficácia na proteção das lesões induzidas pelo Angiostrongylus costaricensis em camundongos. Estes achados desmotivam o uso de betametasona e Arctium lappa em humanos acometidos por angiostrongilíase abdominal.Angiostrongylus costaricensis is a parasite that causes abdominal angiostrongyliasis in humans. The treatment for it includes the use of anti-inflammatory drugs, despite the lack of studies to justify this approach. The objective of this paper was to evaluate the effect of betamethasone and Arctium lappa on the evolution of intestinal lesions induced by this parasite. Adult male Swiss mice were used, distributed into four groups: infected and treated with betamethasone; infected and treated with Arctium lappa; infected and not treated; and control group. The treatments were started on the 15th day after infection and continued for 15 days. The presence of eosinophilic infiltration and granuloma was evaluated (1-mild; 2-moderate; 3-severe. Betamethasone allowed the lesions to evolve into more severe forms, while the extract did not interfere with disease progression. The substances applied were

  13. Enantioselective metabolism of hydroxychloroquine employing rats and mice hepatic microsomes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carmem Dickow Cardoso

    2009-12-01

    Full Text Available Hydroxychloroquine (HCQ is an important chiral drug used, mainly, in the treatment of rheumatoid arthritis, systemic lupus erythematosus and malaria, and whose pharmacokinetic and pharmacodynamic properties look to be stereoselective. Respecting the pharmacokinetic properties, some previous studies indicate that the stereoselectivity could express itself in the processes of metabolism, distribution and excretion and that the stereoselective metabolism looks to be a function of the studied species. So, the in vitro metabolism of HCQ was investigated using hepatic microsomes of rats and mice. The microsomal fraction of livers of Wistar rats and Balb-C mice was separated by ultracentrifugation and 500 μL were incubated for 180 minutes with 10 μL of racemic HCQ 1000 μg mL-1. Two stereospecific analytical methods, high performance liquid chromatography (HPLC and capillary electrophoresis (CE, were used to separate and quantify the formed metabolites. It was verified that the main formed metabolite is the (--(R-desethyl hydroxychloroquine for both animal species.A hidroxicloroquina (HCQ é um importante fármaco quiral usado, principalmente, no tratamento de artrite reumatóide, lupus eritematoso sistêmico e malária e cujas propriedades farmacocinéticas e farmacodinâmicas parecem ser estereosseletivas. Em relação às propriedades farmacocinéticas, alguns estudos prévios indicam que a estereosseletividade pode se expressar nos processos de metabolismo, distribuição e excreção e que o metabolismo estereosseletivo parece ser função da espécie estudada. Sendo assim, o metabolismo in vitro da HCQ foi investigado usando microssomas de fígado de ratos e de camundongos. A fração microssômica de fígados de ratos Wistar e de camundongos Balb-C foi isolada por ultracentrifugação e 500 μL foram incubados por 180 minutos com 10 μL de HCQ racêmica 1000 μg mL-1. Dois métodos analíticos estereoespecíficos, por cromatografia líquida de

  14. Cytotoxic evaluation of essential oil from Zanthoxylum rhoifolium Lam. leaves Avaliação citotóxica do óleo volátil extraído das folhas do Zanthoxylum rhoifolium Lam.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Saulo Luis da Silva

    2007-06-01

    Full Text Available Zanthoxylum rhoifolium Lam is a plant popularly used as antimicrobial, for malaria and inflammatory treatment. The essential oil of Z. rhoifolium was extracted and its cytotoxic effects against HeLa (human cervical carcinoma, A-549 (human lung carcinoma, HT-29 (human colon adenocarcinoma, Vero (monkey kidney cell lines and mice macrophages were evaluated. Some of the terpenes of its essential oil (ß-caryophyllene, alpha-humulene, alpha -pinene, myrcene and linalool were also tested to verify their possible influence in the oil cytotoxic activity. The results obtained permitted to confirm that the essential oil is cytotoxic against tumoral cells (CD50 = 82.3, 90.7 and 113.6 µg/ml for A-549, HeLa e HT-29 cell lines, respectively, while it did not show cytotoxicity against non-tumoral cells (Vero and mice macrophages. Thus, the essential oil from Z. rhoifolium leaves seems to present a possible therapeuthic role due to its selective cytotoxic activity against tumoral cell lines.O Zanthoxylum rhoifolium Lam. é uma planta popularmente utilizada como antimicrobianos, no tratamento da malária e de inflamações. O óleo volátil do Z. rhoifolium foi extraído e posteriormente foi avaliada a sua citotoxicidade contra células HeLa (carcinoma cervical humano, A-549 (carcinoma de pulmão humano, HT-29 (adenocarcinoma de cólon humano, Vero (rim de macaco e macrófagos de camundongos. Alguns terpenos constituintes do óleo volátil (beta-cariofileno, alfa -humuleno, alfa -pineno, mirceno e linalool também foram testados para verificar as possíveis influências sobre a citotoxicidade do óleo. Os resultados obtidos permitiram verificar que o óleo volátil é citotóxico contra células as tumorais (CD50 = 82.3, 90.7 e 113.6 µg/ml para A-549, HeLa e HT-29 cell lines, respectivamente, mas não apresenta citotoxicidade contra as células não tumorais (Vero e macrófagos de camundongos. Desta forma o óleo volátil das folhas do Z. rhoifolium demonstra

  15. Cardiac beta-receptors in experimental Chagas' disease Receptores beta cardíacos na doença de Chagas experimental

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Julio E. Enders

    1995-02-01

    Full Text Available Experimental Chagas' disease (45 to 90 days post-infection showed serious cardiac alterations in the contractility and in the pharmacological response to beta adrenergic receptors in normal and T. cruzi infected mice (post-acute phase. Chagasic infection did not change the beta receptors density (78.591 ± 3.125 fmol/mg protein and 73.647 ± 2.194 fmol/mg protein for controls but their affinity was significantly diminished (Kd = 7.299 ± 0.426 nM and Kd = 3.759 ± 0.212 nM for the control p Estudaram-se os receptores beta cardíacos de camundongos infectados pelo Trypanosoma cruzi na fase pós-aguda da doença de Chagas para estabelecer em que medida os mesmos contribuem a gerar respostas anômalas às catecolaminas observadas nestes miocardios. Utilizara-se 3-H/DHA para a marcação dos receptores beta cardíacos dos camundongos normais e dos infectados na fase pós-aguda (45 a 90 dias pós-infecção. O número dos sítios de fixação foi similar nos dois grupos, 78.591 ± 3.125 fmol/mg. Proteína nos chagásicos e 73.647 ± 2.194 fmol/mg. Proteína no grupo controle. Em vez disso, a afinidade verificou-se significativamente diminuida no grupo chagásico (Kd = 7.299 ± 0.426 nM respeito do controle (Kd = 3.759 ± 0.212 nM p < 0.001. Os resultados obtidos demonstram que as modificações observadas na estimulação adrenérgica do miocárdio chagásico se correlacionam com a menor afinidade dos receptores beta cardíacos e que estas alterações exerceriam uma parte determinante para as consequências funcionais que são detectadas na fase crônica.

  16. Evaluation of Eucalyptus citriodora essential oil on goat gastrointestinal nematodes Avaliação do óleo essencial de Eucalyptus citriodora sobre nematóides gastrintestinais de caprinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Iara Tersia Freitas Macedo

    2011-09-01

    Full Text Available Phytotherapy may be an alternative strategy for controlling gastrointestinal parasites. This study evaluated the anthelmintic efficacy of Eucalyptus citriodora essential oil (EcEO. The in vitro effects of EcEO were determined through testing the inhibition of egg hatching and larval development of Haemonchus contortus. EcEO was subjected to acute toxicity testing on mice, orally and intraperitoneally. The in vivo effects of EcEO were determined by the fecal egg count reduction test (FECRT in goats infected with gastrointestinal nematodes. The results showed that 5.3 mg.mL-1 EcEO inhibited egg hatching by 98.8% and 10.6 mg.mL-1 EcEO inhibited H. contortus larval development by 99.71%. The lethal doses for 50% of the mice were 4153 and 622.8 mg.kg-1, for acute toxicity orally and intraperitoneally. In the FECRT, the efficacy of EcEO and ivermectin was 66.25 and 79.16% respectively, on goat gastrointestinal nematodes eight days after treatment. EcEO showed in vitro and in vivo anthelmintic activity.Fitoterapia pode ser uma estratégia alternativa para o controle de parasitas gastrintestinais. Este estudo avaliou a eficácia anti-helmintica do óleo essencial de Eucalyptus citriodora (OeEc. Os efeitos in vitro do OeEc foram determinados através do teste de eclosão de ovos e inibição do desenvolvimento larvar de Haemonchus contortus. O OeEc foi submetido ao teste de toxicidade aguda oral e intraperitoneal, em camundongos. Os efeitos in vivo do OeEc foram avaliados através do teste de redução da contagem de ovos nas fezes (FECRT com caprinos infectados com nematóides gastrintestinais. Os resultados mostraram que 5,3 mg.mL-1 OeEc inibiram 98,8% a eclosão de ovos e 10,6 mg.mL-1 OeEc inibiram 99,71% o desenvolvimento larvar de H. contortus. As doses letais para 50% dos camundongos foram de 4153 e 622,8 mg.kg-1 pela via oral e intraperitoneal. No FECRT, a eficácia de OeEc e ivermectina foi de 66,25 e 79,16%, respectivamente, em caprinos 8 dias

  17. Evolution of sarcoma 180 (ascitic tumor in mice infected with Schistosoma mansoni

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fausto Edmundo Lima Pereira

    1986-03-01

    Full Text Available Mice infected with 60 cercariae of Schistosoma mansoni were more resistant to the sarcoma 180 ascites tumor. Tumor inoculation was performed 50 days after schistosoma infection and the animals were observed and weighed at 48 hours intervals for development and progression of malignancy. In infected mice the weight gain (ascites formation started later and was shorter than in uninfected Controls. Also, the number of tumor cells into the peritoneal cavity 72h after tumor implantation was shorter in infected group than incontrols. This in creased resistance against a transplantable tumor probably is related to the effect of endotoxin on tumoricidal activity of macrophages activated by the infection. The immunodepression induced by Schistosoma mansoni infection enhances the proliferation of endogenous bacteria increasing the amount of endotoxin absorbed from the gut.Camundongos infectados com 60 cercárias de Schistosoma mansoni tomaram-se mais resistentes ao sarcoma 180 na forma de tumor ascítico. A inoculação das células tumorais foi feita no 50º dia de infecção e a evolução do tumor foi acompanhada através dapesagem dos animais com intervalos de 48 horas. Nos camundongos infectados o ganho de peso (formação da ascite começou mais tarde e foi menor do que nos controles não infectados. Também o número de células tumorais na cavidade peritoneal 72 horas após a implantação do tumor foi menor no grupo infectado. Este aumento de resistência a um tumor transplantávelpossivelmente está relacionado ao efeito de endotoxinas sobre a atividade tumoricida dos macrofagos ativados pela infecção. A imunossupressão induzida pela infecção favorece a proliferação de bactérias da flora endógena aumentando a quantidade de endotoxinas absorvidas pelo intestino.

  18. Ocorrência de Cryptosporidium spp. em animais exóticos de companhia no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M. S. de Souza

    2015-10-01

    Full Text Available RESUMOA infecção por algumas espécies ou genótipos de Cryptosporidiumrepresenta um risco em potencial para a saúde pública, principalmente por causa de morbidade e mortalidade em crianças de zero a cinco anos de idade e em pacientes imunodeprimidos. Embora existam alguns relatos de infecção por Cryptosporidiumem animais de companhia, sua participação na epidemiologia da criptosporidiose humana é incerta, e a literatura sobre esse tema ainda é bastante escassa. O objetivo deste estudo foi determinar a ocorrência e realizar a classificação molecular deCryptosporidiumspp. em amostras fecais de animais exóticos criados como animais de estimação no Brasil. Um total de 386 amostras de seis espécies de animais foi colhido e armazenado em solução de dicromato de potássio 5% a 4°C. Os oocistos foram purificados por centrífugo-sedimentação em água/éter, seguindo-se a extração de DNA genômico e a realização da nestedPCR para amplificação de fragmento parcial do gene da subunidade 18S do rRNA. Positividade para Cryptosporidiumspp. foi observada em 11,40% (44/386 das amostras. O sequenciamento de fragmentos amplificados permitiu a identificação de Cryptosporidium tyzzeri em camundongos,Cryptosporidium murisem camundongos, hamster e chinchila, Cryptosporidium parvumem chinchila, Cryptosporidiumgenótipo hamsterem hamstere Cryptosporidiumsp. em porquinho-da-índia. Os resultados deste estudo mostram que há uma variedade de espécies de Cryptosporidiumpresentes em animais exóticos de companhia no Brasil. Os dados sugerem que esses animais podem participar da epidemiologia da criptosporidiose humana, particularmente por seu estreito convívio.

  19. Biochemical behavior of Trypanosoma cruzi strains isolated from mice submitted to specific chemotherapy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jesila Pinto M. Marretto

    1994-12-01

    Full Text Available To investigate the influence of chemotherapy on the biochemical beha vior of Trypanosoma cruzi strains, three groups of mice were infected with one of three strains of T. cruzi of different biological and isoenzymic patterns (Peruvian, 21 SF and Colombian strains. Each group was subdivided into subgroups: 1 - treated with nifurtimox; 2 - treated with benznidazole and 3 - untreated infected controls. At the end of treatment, that lasted for 90 days, xenodiagnosis, sub inoculation of blood into new born mice and haemoculture were performed as tests of cure. From the positive tests, 22 samples of T. cruzi were isolated from all subgroups. Electrophoretic analysis of the isoenzymes PGM, GP1, ALAT and AS AT failed to show any difference between parasite strains isolated from treated and untreated mice, which indicates that no detectable clonal selection or parasite genetic markers alterations concerning the isoenzymes analysed have been determined by treatment with drugs of recognized antiparasitic effect, suggesting stability of the phenotypic characteristics of the three biological types of T. cruzi strains.Com o objetivo de investigar a influência da quimioterapia no padrão bioquímico de diferentes cepas do Trypanosoma cruzi, três grupos de camundongos foram infectados respectivamente com as cepas Peruana, 21 SF e Colombiana, que correspondem a diferentes padrões biológicos e isoenzimáticos. Cada grupo foi subdividido em subgrupos: 1 - tratados com nifurtimox; 2 - tratados com benzonidazol; 3- controles infectados não tratados. Ao final do tratamento que durou 90 dias, os animais foram submetidos a testes parasitológicos de cura: xenodiagnóstico, subinoculação do sangue em camundongos recém-nascidos e hemocultura em meio Warren. A partir da positivação destes testes, foram isoladas 22 amostras do T. cruzi dos três subgrupos. A análise eletroforética dos extratos enzimáticos obtidos após cultura para as enzimas PGM, GPI, ALAT e

  20. Experimental life cycle of Lagochilascaris minor Leiper, 1909 Ciclo evolutivo experimental de Lagochilascaris minor, Leiper 1909

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dulcinéa Maria Barbosa Campos

    1992-08-01

    Full Text Available The life cycle of Lagochilascaris minor was studied using material collected from human lesion and applying the experimental model: rodents (mice, hamsters, and carnivorae (cats, dogs. In mice given infective eggs, orally, hatch of the third stage larvae was noted in the gut wall, with migration to liver, lungs, skeletal musculature and subcutaneous tissue becoming, soon after, encysted. In cats infected with skinned carcasses of mice (60 to 235 days of infection it was observed: hatch of third stage larvae from the nodules (cysts in the stomach, migration through the oesophagus, pharynx, trachea, related tissues (rhino-oropharynx, and cervical lymphonodes developing to the mature stage in any of these sites on days 9-20 post inoculation (P.I.. There was no parasite development up to the mature stage in cats inoculated orally with infective eggs, which indicates that the life cycle of this parasite includes an obligatory intermediate host. In one of the cats (fed carcass of infected mice necropsied on day 43 P.I., it was observed the occurence of the self-infective cycle of L. minor in the lung tissues and in the cervical region which was characterized by the finding of eggs in different stages of development, third stage larvae and mature worms. It's believed that some component of the carnivorae gastrointestinal tracts may preclude the development of third stage larvae from L. minor eggs what explains the interruption of the life cycle in animals fed infective eggs. It's also pointed out the role of the intermediate host in the first stages of the life cycle of this helminth.A partir de material colhido de lesões humanas estudou-se o ciclo evolutivo de Lagochilascaris minor empregando-se o modelo experimental: roedores (camundongos, hamster e carnívoros (gatos, cão. Em camundongos inoculados com ovos infectantes, por via oral, observou-se eclosão de larvas de 3º estágio na parede do intestino, migração das mesmas para o fígado, pulm

  1. Neurocriptococose por Cryptococcus neoformans não capsulado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C.S. Lacaz

    1993-09-01

    Full Text Available Os autores registram um caso de neurocriptococose em paciente HIV-negativo, por Cryptococcus neoformans acapsulado ou deficiente em cápsula. O quadro neurológico era de meningoencefalite subaguda, compatível ao diagnóstico de neurotuberculose, pelo exame do líquido cefalorraqueano (LCR, Estruturas leveduriformes foram encontradas no interior de macrófagos, ao exame citomorfológico do LCR. Cultivo do sedimento do LCR revelou a presença de Cryptococcus neoformans não capsulado (identificação bioquímica. A inoculação da amostra em camundongo, por via intraperitoneal, permitiu a produção de cápsula que desaparecia em cultivos. Foi estudada a micromorfologia do fungo à microscopia eletrônica de varredura. A evolução foi favorável com o emprego da anfotericina B associada a 5-fluorocitosina. Não foi caracterizada a variadade de Criptococcus neoformans agente do processo.

  2. Melanoides tuberculata (Mollusca: Thiaridae as an intermediate host of Centrocestus formosanus (Trematoda: Heterophyidae in Brazil Melanoides tuberculata (Mollusca: Thiaridae como hospedeiro intermediário de Centrocestus formosanus (Trematoda: Heterophyidae no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hudson Alves Pinto

    2010-08-01

    Full Text Available Pleurolophocercous cercariae emerged from naturally infected Melanoides tuberculata from Minas Gerais State, Brazil, were used to perform experimental infection of laboratory-reared Poecilia reticulata. Mature metacercariae were obtained from the gills of fishes and force-fed to Mus musculus. The adult parasites which recovered from small intestines of mice were identified as Centrocestus formosanus. This is the first report of M. tuberculata as intermediate host of this heterophyid in Brazil.Cercárias do tipo pleurolofocerca emergidas de Melanoides tuberculata naturalmente infectados coletados na represa da Pampulha, Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil, foram utilizadas para a infecção experimental de Poecilia reticulata criados em laboratório. Metacercárias maduras foram obtidas nas brânquias dos peixes e administradas por via oral a Mus musculus. Parasitos adultos recuperados no intestino delgado dos camundongos foram identificados como Centrocestus formosanus. Este é o primeiro relato de M. tuberculata como hospedeiro intermediário deste parasito no Brasil.

  3. Esquistossomose mansônica: II - evolução dos níveis de proteínas séricas e do perfil eletroforético por técnicas de imunoeletroforese quantitativa Schistosomiasis mansoni: II - evolution of the levels of serum proteins and of their electrophoretic pattern as traced by quantitative immunoelectrophoresis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ajax Mercês Atta

    1981-04-01

    Full Text Available Camundongos Swiss foram infectados com 100 cercárias da linhagem mineira (BH do Schistosoma mansoni e sacrificados semanalmente no período de 8 semanas de infecção. Os níveis de proteínas séricas totais destes animais não diferiram dos apresentados pelos animais controles. Os níveis de albumina sérica determinados por "Rocket immunoelectrophoresis" acharam-se diminuídos nas 5.ª, 6.ª e 7.ª semanas de infecção. O perfil obtido por imunoeletroforese cruzada revelou alterações em componentes séricos com mobilidade nas regiões de gama, beta e em menor grau de alfa-globulinas, após a oviposição do parasito.Swiss mice were infected with 100 cercariae of the Belo Horizonte strain of Schistosoma mansoni and were sacrificed weekly during eight weeks following of infection. The levels of serum protein totals in these animals did not differ from those presented by the control animals. However, serum albumin levels that were determined by rocket immunoelectrophoresis were lower during the 5th, 6th, and 7th weeks of infection. The pattern determined by crosed immunoelectrophoresis revealed alterations in serum components with mobility in the gamma and beta regions and, to a lesser degree, alpha-globulins, after oviposition by the parasite.

  4. Trypanosoma cruzi: strain selection by diferent schedules of mouse passage of an initially mixed infection

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria P. Deane

    1984-12-01

    Full Text Available From an initial double infection in mice, established by simultaneous and equivalent inocula of bloodstream forms of strains Y and F of Trypanosoma cruzi, two lines were derived by subinoculations: one (W passaged every week, the other (M every month. Through biological and biochemical methods only the Y strain was identified at the end of the 10th and 16th passages of line W and only the F strain at the 2nd and 4th passages of line M. The results illustrate strain selection through laboratory manipulation of initially mixed populations of T. cruzi.De uma infecção inicialmente dupla em camundongo, estabelecida por inóculo simultaneo e equivalente de formas sanguíneas das cepas Y e F de Trypanosoma cruzi, duas linhagens foram originadas por subinoculações: uma (W passada casa semana, a outra (M cada mês. Por métodos biológicos e bioquímicos apenas a cepa Y foi identificada ao fim a 10a. e 16a. passagens da linhagem W e apenas a cepa F na 2a. e 4a.passagens de linhagem M. Os resultados demonstram a seleção de cepas através de manipulação em laboratorio de populações inicialmente mistas de T. cruzi.

  5. Isolation of an enriched plasma membrame subpellicular microtubule fraction of Leishmania mexicana amazonensis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Solange L. Timm

    1980-01-01

    Full Text Available A cell fractionation procedure previously developed for Trypanosoma cruzi was applied to isolated the plasma membrane of promastigotes of Leishania mexicana amazonensis. The cell, swollen in an hypotonic mediun, were disrupted in the presence of a nonionic detergent and the membrane fraction isolated by differencial centrifugation. Electron microscopy showed that the fraction consisted of pieces of the plasma membrane associated with subpellicular microtubules. It was also shown that this fraction is able to induce cell-mediated immune response in mice.Um método de fracionamento subcelular, previamente desenvolvido para Trypanosoma cruzi, foi aplicado para isolar a membrana plasmática de promastigotas de Leishmania mexicana amazonensis. As células, após turgimento em meio hipotônico, foram rompidas na presença de um detergente não iônico e a fração de membrana isolada por centrifugação diferencial. A microscopia eletrônica mostrou consistir a fração de fragmentos de membrana plasmática associados com microtúbulos subpeliculares. Foi também mostrado que esta fração era capaz de induzir resposta celular em camundongos.

  6. Novo processo para triagem de medicamentos na infecção experimental pelo Trypanosoma cruzi Proposal of a new process for screening of drugs in experimental infection with Trypanosoma cruzi

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rubens Campos

    1991-08-01

    Full Text Available É proposto processo para a triagem da capacidade terapêutica de medicamentos na infecção experimental pelo Trypanosoma cruzi. O método tem base no emprego de triatomíneos parasitados que se alimentam, decorridos períodos diferentes para haver compatibilização com níveis sangüíneos, em camundongos aos quais foi administrado o fármaco sob apreciação; assim, o tubo digestivo do hemíptero participará como estrutura propícia à avaliação. Em observação inicial, ocorreu utilização do benzonidazol, que se mostrou apenas parcialmente ativo, pelo menos de acordo com a maneira de execução do novo procedimento.We propose a screening process for detection of therapeutic activity of drugs against experimental infection with Trypanosoma cruzi. It is based on the use of infected tryatominae that are fed on mice which have received the study drug. Blood meals are made at different time schedule in order to adapt with serum drug levels. The digestive tube of the hemyptera will, thus, work as a suitable structure for examination. In a initial observation, benzonidazole was used, and was shown to be only partially active at least in the conditions of this new procedure.

  7. Avaliação toxicológica do óleo essencial de Piper aduncum L.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pergentino J. C. Sousa

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo a avaliação da toxidade aguda e subaguda do óleo essencial de Piper aduncum pela determinação da DL50 em camundongos e a análise dos parâmetros bioquímicos e hematológicos em ratos. A planta é utilizada na medicina popular da região amazônica em diversas doenças e no seu óleo essencial o constituinte majoritário é o fenilpropanóide dilapiol, com propriedades inseticida, fungicida, bactericida, larvicida e moluscicida. A DL50 foi de 2,400 ± 191,7 mg/kg. O óleo essencial não alterou de maneira significativa os parâmetros hematológicos e bioquímicos em relação ao controle no tratamento subagudo, exceto a redução da creatinina. O valor da DL50 e os resultados observados nos parâmetros hematológicos e bioquímicos sugerem que o óleo essencial apresenta toxidade baixa.

  8. Prevalência de anticorpos neutralizantes para o arbovirus Piry em individuos da região de Ribeirão Preto, Estado de São Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Tadeu Moraes Figueiredo

    1985-06-01

    Full Text Available Como parte de um inquérito sorológico pesquisando anticorpos para arbovírus, em habitantes da região de Ribeirão Preto, 202 soros foram testados por neutralização em camundongos, para o vírus Piry. Trata-se de um vesículo-vírus (Rhabdoviridae isolado em Belém do Pará, das vísceras de um marsupial e do sangue de um caso humano. O Piry é causa de doença humana aguda febril. Desconhece-se seus reservatórios animais, vetores e seu ciclo biológico. Os 202 soros testados foram obtidos por venopunção, de moradores adultos em áreas rurais e urbana da cidade de Ribeirão Preto. Os resultados mostraram prevalência de 14,3% de anticorpos neutralizantes para o vírus Piry. Conclui-se que infecções pelo Piry, ou outro agente antigenicamente relacionado, ocorram endemicamente nesta região.

  9. Uso de células de Aedes albopictus C6/36 na propagação e classificação de arbovírus das famílias Togaviridae, Flaviviridae, Bunyaviridae e Rhabdoviridae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Tadeu Moraes Figueiredo

    1990-03-01

    Full Text Available Colônias de células de mosquito Aedes albopictus C6/36 foram infectadas com 23 arbovirus, sendo 19 destes existentes no Brasil, pertencentes às famílias Togaviridae, Flaviviridae, Bunyaviridae e Rhabdoviridae. A Replicação virai foi detectada por imunofluorescência indireta com todos os vírus estudados enquanto que o efeito citopático foi observado durante a infecção por alguns destes. No teste de imunofluorescência indireta utilizou-se fluidos ascíticos imunes de camundongos, específicos para os vírus estudados. A replicação virai caracterizada por grande produção de antígeno recomenda a utilização de células C6/36 na propagação e em tentativas de isolamento desses arbovirus. A técnica de imunofluorescência ofereceu importantes subsídios na classificação e identificação de vírus que replicam nestas células.

  10. Representação e intervenção em saúde pública: vírus, mosquitos e especialistas da Fundação Rockefeller no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Löwy Ilana

    1999-01-01

    Full Text Available As tentativas feitas pelos especialistas da Fundação Rockefeller de erradicar a febre amarela no Brasil foram prejudicadas pela baixa visibilidade desta patologia. Os casos eram, em sua maioria, atípicos e se confundiam facilmente com outras febres. Na década de 1920, os especialistas dependiam de observações clínicas para avaliar a incidência da febre amarela. Na década seguinte, porém, conceberam métodos indiretos para visualizar a presença de seu agente. A viscerotomia revelava a presença de casos agudos e o teste de proteção em camundongos, contatos passados com o vírus da doença. Conjuntamente, estes testes permitiram aos especialistas da Rockefeller confeccionar mapas indicando a presença de zonas de endemicidade da doença. Puderam, então, direcionar campanhas específicas contra a febre amarela baseadas na eliminação seletiva de seu vetor, o mosquito Aedes aegypti. Na saúde pública, tal como nas ciências, as práticas de representação modelam a intervenção.

  11. Ensaio laboratorial e clínico com Hycanthone, nôvo agente esquistossomicida

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Naftale Katz

    1967-08-01

    Full Text Available A partir do Miracil D, um derivado hidroximetílico (Hycanthone pode ser obtido através da atividade biológica do Aspergillus sclerotiorum. Êste derivado mostrou-se muito ativo quando administrado a camundongos, hamsters e macacos Cebus experimentalmente infectados com Schistosoma mansoni. Ensaios clínicos com o Hycanthone foram feitos em 52 pacientes com esquistossomose mansoni ativa. A droga foi administrada, nas doses de 2 e 3 mg/kg/ dia, junto com um anti-ácido, duas vêzes ao dia, durante 5 dias consecutivos. Com exceção de 2 casos, todos os pacientes completaram o tratamento. Náusea e/ou vômito, anorexia, tonturas e cefaléia foram os efeitos colaterais mais comuns. Atividade terapêutica foi avaliada através de repetidos exames de fezes (4 a 6 e uma biópsia retal realizada a partir do 4.° mês após o tratamento. As percentagens de cura foram de 83,3 e 80,0% com o esquema de 2 e 3 mg/kg, respectivamente. Os dados laboratoriais e clínicos sôbre a atividade esquistossomicida do Hycanthone até agora obtidos mostram a necessidade de novos ensaios com êste promissor medicamento.

  12. Isolation of rabies virus from the parotid salivary glands of foxes (Pseudalopex vetulus from Paraíba State, Northeastern Brazil Isolamento de vírus rábico de glândulas salivares parótidas de raposas (Pseudalopex vetulus do Estado da Paraíba, Nordeste do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Luana Cristiny Rodrigues Silva

    2009-09-01

    Full Text Available To determine the presence of rabies virus in the parotid salivary glands, 12 road-killed rabies-positive hoary foxes (Pseudoalopex vetulus were tested by using the fluorescent antibody test (FAT and mouse inoculation test (MIT. All 12 parotid salivary glands were positive for both tests, although in some cases several passages were required. The findings of this study support the importance of the hoary fox as rabies reservoir in the semi-arid region of Paraíba State, Northeastern Brazil.Para determinar a presença de vírus rábico em glândulas salivares parótidas, 12 raposas (Pseudalopex vetulus atropeladas em rodovias e positivas para raiva foram testadas pelo teste de imunofluorescência direta (IFD e teste de inoculação em camundongos (IC. Todas as 12 glândulas salivares parótidas foram positivas em ambos os testes, embora, em alguns casos, várias passagens terem sido necessárias. Os achados do presente trabalho reforçam a importância das raposas como reservatórios de raiva no semi-árido do Estado da Paraíba, Nordeste do Brasil.

  13. Hepatotoxicidade da cianotoxina microcistina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andréa de Castro Leal

    2004-01-01

    Full Text Available Constitui interesse emergente em saúde pública avaliar a possibilidade de intoxicação humana por biotoxinas de algas cianofíceas, principalmente as hepatotoxinas do grupo das microcistinas. A microcistina, um heptapeptídeo monocíclico, é produzida principalmente pela cianobactéria Microcistis aeruginosa. São caracterizadas por alguns aminoácidos variáveis, dois deles com uma estrutura não usual que possuem importante papel na hepatotoxidade da microcistina. Apesar do acometimento humano atribuído as microcistinas incluírem gastroenterite, reações alérgicas ou irritativas, neurotoxicidade, o principal alvo da toxina é o fígado. Nos hepatócitos as microcistinas são carreadas pelo sistema transportador do ácido biliar, inibindo a atividade da proteína fosfatase no citoplasma. A inibição leva a mudanças morfológicas na membrana plasmática pela hiperfosforilação de citoqueratinas, e à atividade de promoção tumoral pelas proteínas hiperfosforiladas. Os métodos de detecção e quantificação de microcistinas no ambiente incluem a cromatografia líquida, o bioensaio em camundongos e os testes imunoenzimáticos. O último vem ganhando destaque pela praticidade e alta sensibilidade.

  14. Schistosoma mansoni: host cell adhesion to the different stages of the parasite, in vivo Schistosoma mansoni: adesão de células do hospedeiro aos diferentes estádios do parasito, in vivo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alan L. Melo

    1992-06-01

    Full Text Available The peritoneal cavity of laboratory mice was used to study the phenomenon of host cell adhesion to different evolutive stages of the Schistosoma mansoni (cercaria, adult worm, developing and mature eggs, miracidium, young and mature daughter sporocysts. Material recovered from the peritoneal cavity 30 and 180 min after the inoculation of each evolutive form was examined with the help of a stereomicroscope. The free swimming larvae (cercaria and miracidium, and the evolutive forms producing such larvae (mature egg and mature daughter sporocyst elicited the host cell adhesion phenomenon. In all forms but cercariae the adherent cells remained as so till 180 minutes after inoculationA cavidade peritoneal de camundongos foi utilizada para estudos de adesão celular a diferentes estádios evolutivos do Schistosoma mansoni (cercária, verme adulto, ovos imaturos e maduros, miracídio, esporocisto jovem e esporocisto maduro. O material recuperado da cavidade peritoneal 30 e 180 min após o inóculo, foi examinado com auxílio de estereomicroscópio. As formas livres (cercária e miracídio e as formas evolutivas que produzem tais larvas (ovo maduro e esporocisto maduro apresentam células do hospedeiro aderidas à superfície. Em todas as formas, exceto cercária, as células permanecem aderidas pelo menos até 180 min após o inóculo

  15. Viabilidade de ovos de Ascaris lumbricoides após tratamento humano com medicamentos específicos: I— Levamisole e Pamoato de pirantel

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Suzana de Lemos Souza

    1985-08-01

    Full Text Available Com o objetivo de testar a viabilidade do ciclo biológico, 15 pacientes (masculinos, de quatro a 14 anos com Ascaris lumbricoides, foram selecionados ao acaso. Após tratamento clássico com sais básicos de levamisole (7 pacientes e de pamoato de pirantel (8, os ovos retirados das fêmeas expelidas ficaram incubados por 18 dias em de H2SO4 N/10. A seguir foram administrados per os a grupos de 5 camundongos por pacientes. Decorridos 8 dias da infecção, os animais foram sacrificados para pesquisas microscópica de larvas nos fragmentos pulmonares. Dos 75 animais, somente 1, pertencente ao grupo de tratados com levamisole, não apresentou larvas nos fragmentos pulmonares. Concluiu-se que as drogas, nas doses utilizadas, não possuem ação deletéria sobre os ovos de A. lumbricoides, mas promovem a eliminação de material infectivo, com possibilidade de incrementar a poluição onde vivem comunidades sem adequadas condições de saneamento básico.

  16. Atividade antiparasitária do artemether na esquistossomose mansônica experimental Antischistosomal activity of artemether in experimental Schistosomiasis mansoni

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Susana Zevallos Lescano

    2004-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o efeito da administração intramuscular de artemether a camundongos infectados experimentalmente por Schistosoma mansoni no momento da infecção, durante a maturação dos esquistossômulos e após iniciada a oviposição. MÉTODOS: Oitenta camundongos Balb/c, fêmeas adultas, foram divididos em oito grupos com 10 animais cada. Sete grupos foram infectados por S. mansoni empregando-se 60 cercárias para cada animal, inoculadas por via subcutânea; o grupo restante foi mantido sem infecção. Entre os sete grupos infectados, seis foram tratados com artemether, segundo o seguinte esquema: três grupos receberam dose correspondente a 100 mg/kg no dia 0, 20 ou 60 após inoculação das cercárias; os demais receberam 50 mg/kg de artemether, no mesmo período que os lotes anteriores. Da 9ª, 10ª e 11ª semanas após infecção os camundongos infectados por S. mansoni foram submetidos a exames de fezes pela técnica de Kato-Katz. No 80º dia do experimento, os animais sobreviventes foram sacrificados e submetidos à perfusão do sistema porta para recuperação de vermes. Determinaram-se, nessa ocasião, os pesos corporal, hepático e esplênico de cada animal. RESULTADOS: Observou-se queda na oviposição e no número de vermes recuperados entre os camundongos tratados com artemether (50 ou 100 mg/kg no 20º dia após infecção. A diminuição do número de vermes foi mais expressiva no caso de fêmeas de S. mansoni. Verificou-se, ainda, diminuição significativa nos pesos hepático e esplênico entre os animais tratados com 50 e 100 mg/kg de artemether no 20º dia e também entre os que receberam a droga na dose de 50 mg/kg 60 dias após infecção. CONCLUSÕES: Ficou evidenciada a atividade anti-Schistosoma do artemether, mesmo ao se empregar dose correspondente a 50 mg/kg, quando a droga foi administrada durante o período de maturação dos esquistossômulos no sistema porta do hospedeiro vertebrado.OBJECTIVE: To evaluate

  17. Botulismo tipo C em ganso ocorrido em Minas Gerais, Brasil Type C botulism in a goose at Minas Gerais, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco Carlos Faria Lobato

    2008-08-01

    Full Text Available Botulismo é uma intoxicação causada pela ingestão das toxinas produzidas pelo Clostridium botulinum, que acomete mamíferos e aves, caracterizando-se por um quadro de paralisia flácida. Neste trabalho, é descrito um caso de botulismo em ganso, ocorrido no município de Santa Luzia, região metropolitana de Belo Horizonte, no Estado de Minas Gerais. Ao exame clínico, o animal apresentava-se com um quadro de paralisia flácida dos músculos do pescoço, das pernas e asas, além de apresentar ainda desprendimento de penas. A necropsia não revelou lesões significativas. Foi colhido o soro do animal e submetido ao teste de soroneutralização em camundongo, que identificou a toxina de C. botulinum tipo C.Botulism is an intoxication caused by the ingestion of toxins produced by Clostridium botulinum, that affects mammals and birds, characterized by a flaceid paralysis. This report describes a case of botulism in a goose in Santa Luzia, Minas Gerais State, Brazil. Clinical examinations showed dropping feathers and flaccid paralysis involving the muscles of the wings, legs and neck. post-mortem examination showed no significant gross or macroscopic lesions C. botulinum type C toxin was demonstrated in the serum of the affected animal through serum neutralization test in mice.

  18. Teste de ELISA indireto para o diagnóstico sorológico de pitiose Indirect ELISA for the serodiagnostic of pythiosis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Janio M. Santurio

    2006-03-01

    Full Text Available A pitiose, doença granulomatosa de eqüinos causada pelo oomiceto Pythium insidiosum, tem como característica a evolução rápida seguida de morte dos animais. Estas mortes muitas vezes são causadas por diagnósticos errôneos ou demorados quando os doentes já não respondem ao tratamento. Este trabalho teve por objetivo a padronização do ensaio imunoenzimático indireto (ELISA para diagnóstico sorológico de pitiose em eqüinos e coelhos, visando a diminuição de erros e de tempo necessário para o diagnóstico. Para o desenvolvimento e validação do teste foram utilizadas 72 amostras de soro de eqüinos saudáveis e 44 soros de eqüinos com pitiose confirmada. Os resultados da validação do ELISA para eqüinos foram: sensibilidade 97,72%, especificidade 90,27%, valor preditivo positivo 86%, valor preditivo negativo 98,4% e eficiência de 93,1%. Para coelhos, o teste foi padronizado com 48 amostras de soro de animais saudáveis e 24 amostras de coelhos imunizados com antígenos de P. insidiosum. Os resultados foram: sensibilidade 91,66%, especificidade 95,83%, valor preditivo positivo 91,66%, valor preditivo negativo 95,83% e eficiência de 94,44%. Os resultados deste trabalho demonstram que o ensaio imunoenzimático indireto é um método seguro e eficaz para o diagnóstico sorológico da pitiose.Pythiosis is a granulomatous disease caused by the oomycete Pythium insidiosum that affects humans and animals, especially horses. Deaths are very often the consequence of incorrect or late diagnosis when animals no longer respond to treatment. This study aimed standardization of the ELISA assay for the serodiagnostic of pythiosis in horses and rabbits, in order to minimize errors and delays in the diagnosis of the disease. Sera of 72 healthy and 44 of by pythiosis affected horses were used for development and evaluation of the test. The ELISA for equine diagnostic showed 97.72% sensitivity, 90.27% specificity, 86% positive predictive value

  19. Análise de tratamento anti-rábico humano pós-exposição em região da Grande São Paulo, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rita C. M. Garcia

    1999-06-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: O tratamento de seres humanos expostos ao risco de infecção pelo vírus rábico ainda pode incluir a ocorrência de reações pós-vacinais indesejáveis, tanto de ordem local como geral. A análise sistemática dos informes epidemiológicos de pacientes submetidos a este tipo de tratamento poderá oferecer subsídios para a modificação desta situação. Foram analisados os registros de tratamento dessa zoonose visando à melhoria do seu controle. MÉTODOS: Foram analisadas através do programa Epi Info as fichas de investigação epidemiológica da raiva de 8.758 habitantes do Município de Osasco, SP (Brasil, atendidos no período de 1984 a 1994. A vacina utilizada foi do tipo Fuenzalida & Palacios. RESULTADOS: Constatou-se a existência de maior risco de exposição para os indivíduos do sexo masculino, com cinco a nove anos de idade. As agressões ocorreram com maior freqüência no domicílio da vítima e os cães foram os principais responsáveis. Dos cães e gatos envolvidos, respectivamente 51,0% e 73,2% não haviam sido imunizados contra a raiva. Nos pacientes com até nove anos de idade as localizações de lesão mais freqüentes foram: cabeça (36,6% e membros superiores (35,1%; quando a faixa etária ultrapassava os nove anos as áreas mais acometidas foram membros superiores (45,8% e membros inferiores (43,7%. Dos pacientes analisados, 26,5% já haviam recebido vacinação anti-rábica anterior e 90, 7% procurou a orientação médica em até cinco dias da agressão. Para 41,9% foi prescrita unicamente a vacinação e para 0,05 ‰ a soro-vacinação. CONCLUSÕES: Houve 11,7% de abandonos a tratamentos e 51,3% foram dispensados do mesmo em função da observação animal. Dos pacientes tratados com vacina ou soro-vacinação houve 0,25% de acidentes pós-vacinais, dos quais 0,3‰ do tipo neurológico. Os meses de março, julho, agosto e setembro foram os de maior procura.

  20. Análise de tratamento anti-rábico humano pós-exposição em região da Grande São Paulo, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Garcia Rita C. M.

    1999-01-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: O tratamento de seres humanos expostos ao risco de infecção pelo vírus rábico ainda pode incluir a ocorrência de reações pós-vacinais indesejáveis, tanto de ordem local como geral. A análise sistemática dos informes epidemiológicos de pacientes submetidos a este tipo de tratamento poderá oferecer subsídios para a modificação desta situação. Foram analisados os registros de tratamento dessa zoonose visando à melhoria do seu controle. MÉTODOS: Foram analisadas através do programa Epi Info as fichas de investigação epidemiológica da raiva de 8.758 habitantes do Município de Osasco, SP (Brasil, atendidos no período de 1984 a 1994. A vacina utilizada foi do tipo Fuenzalida & Palacios. RESULTADOS: Constatou-se a existência de maior risco de exposição para os indivíduos do sexo masculino, com cinco a nove anos de idade. As agressões ocorreram com maior freqüência no domicílio da vítima e os cães foram os principais responsáveis. Dos cães e gatos envolvidos, respectivamente 51,0% e 73,2% não haviam sido imunizados contra a raiva. Nos pacientes com até nove anos de idade as localizações de lesão mais freqüentes foram: cabeça (36,6% e membros superiores (35,1%; quando a faixa etária ultrapassava os nove anos as áreas mais acometidas foram membros superiores (45,8% e membros inferiores (43,7%. Dos pacientes analisados, 26,5% já haviam recebido vacinação anti-rábica anterior e 90, 7% procurou a orientação médica em até cinco dias da agressão. Para 41,9% foi prescrita unicamente a vacinação e para 0,05 ‰ a soro-vacinação. CONCLUSÕES: Houve 11,7% de abandonos a tratamentos e 51,3% foram dispensados do mesmo em função da observação animal. Dos pacientes tratados com vacina ou soro-vacinação houve 0,25% de acidentes pós-vacinais, dos quais 0,3‰ do tipo neurológico. Os meses de março, julho, agosto e setembro foram os de maior procura.

  1. Seroprevalence of hepatitis B and hepatitis C markers in adolescents in Southern Brazil Soroprevalência de marcadores de hepatite B e hepatite C em adolescentes no Sul do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Natália Gazzoni Scaraveli

    2011-04-01

    Full Text Available This study was carried out to determine the prevalence of hepatitis B virus (HBV and hepatitis C virus (HCV markers among adolescents aged between 10 and 16 years old, who are elementary school students in the city of Chapecó, Santa Catarina State, Brazil. The study involved a cross-sectional survey that included 418 volunteers, from March to July, 2008. Serology comprised HBsAg, anti-HBc, anti-HBs and anti-HCV. Tests were performed using automated Microparticle Enzyme Immunosorbant Assay (Abbott, AxSYM System, Wiesbaden, Germany. The prevalence of HBsAg was found to be 0.2% (95%CI: 0.0-1.3, and the prevalence of anti-HBc was found to be 1.4% (95%CI: 0.5-3.1. Regarding anti-HBs, 48.6% had titers greater than 10UI/L. None of the volunteers presented reactive results for anti-HCV. This study showed a low prevalence of HBV and HCV markers of infection and a great number of volunteers immunized against HBV. Finally this study shows the importance of proper health campaigns and policies in reducing those prevalences.Este estudo teve como objetivo determinar a prevalência de marcadores do vírus da hepatite B (HBV e do vírus da hepatite C (HCV entre adolescentes com idade entre 10 e 16 anos, alunos do Ensino Fundamental da cidade de Chapecó, Santa Catarina, Brasil. Trata-se de um estudo transversal incluindo 418 voluntários, realizado entre março e julho de 2008. As análises sorológicas incluíram: HBsAg, anti-HBc, anti-HBs e anti-HCV. Os testes foram realizados em Ensaio Enzimático de Micropartículas (Abbott, AxSYM System, Wiesbaden, Alemanha. A prevalência de HBsAg foi de 0,2% (IC95%: 0,0-1,3, e a prevalência de anti-HBc foi de 1,4% (IC95%: 0,5-3,1. Quanto ao anti-HBs, 48,6% dos voluntários apresentaram títulos maiores que 10UI/L. Nenhum dos voluntários apresentou resultados reativos para anti-HCV. Este estudo demonstrou uma baixa prevalência de marcadores de infecção HBV e HCV e um grande número de voluntários imunizados contra

  2. Caracterização biológica, histopatológica e análise de ácido nucléico de uma cepa Trypanosoma cruzi da região de Marília, SP Biological and histopathological characterization together with nucleic acids analysis of a Trypanosoma cruzi strain from Marília, São Paulo State

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciamáre Perinetti Alves Martins

    2003-01-01

    Full Text Available Estudou-se o comportamento biológico e histopatológico de uma cepa genuínamente mariliense de Trypanosoma cruzi, isolada em 1997 através de xenodiagnóstico artificial. Vinte e cinco camundongos swiss foram infectados intraperitonealmente, sendo 11 utilizados para a realização da curva parasitêmica e observação da morfologia dos tripomastigotas e 14 foram sacrificados após o 17, 23, 30, 60 e 180 dias pós-infecção e coletados coração, esôfago, fígado, cólon, e músculo esquelético (fragmento da coxa direita para análise histopatológica. Cultura em meio LIT foi realizada para análise de DNA. Os resultados mostraram predomínio de formas largas, baixa parasitemia com picos médios de 860 tripomastigotas/5mil de sangue ao redor do 20º dia de infecção. Nenhum camundongo morreu na fase aguda da infecção. Exame histopatológico mostrou poucos ninhos de amastigotas em coração, raros em músculo esquelético e cólon com discreto processo inflamatório. Comparada com a cepa Y, que foi isolada de uma paciente da mesma região, notamos diferentes características biológicas e comportamentais, porém a análise de DNA as coloca no mesmo grupo, demonstrando a proximidade dessas cepas.The aim of this report was to study the biological and histopathological behavior of a Trypanosoma cruzi strain, which is found in the region of Marília. The strain was isolated in 1997, by artificial xenodiagnosis. Twenty-five swiss mice were intraperitoneally inoculated. Eleven were used for observation of parasitemia and trypomastigotes morphology and 14 were sacrificed after 17, 23, 30, 60 and 180 days post-infection. Heart, esophagus, liver, colon, and skeletal muscle (fragment of the right thigh were collected for histopathological study. LIT culture medium was accomplished for DNA analysis. The results showed predominance of broad forms, low parasitemia with mean peaks of 860 trypomastigotes/5mul of blood of the 20th day of infection. No

  3. Pharmacological immunomodulation enhances peripheral nerve regeneration Imunomodulação farmacológica aumenta a regeneração de nervos periféricos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Inoe

    2007-09-01

    Full Text Available To assess the effect of N-Acetylmuramyl-L-Alanyl-D-Isoglutamine MDP topically administrated on the regenerating peripheral neurons, twelve male C57BL/6J adult mice were equally distributed into three groups. Four mice underwent unilateral sciatic nerve transection and polyethylene tubulization, with a 4mm gap between the proximal and distal nerve stumps and were implanted with collagen + PBS (COL. Other four animals underwent the same surgical procedure but received collagen + MDP (COL/MDP inside the prosthesis. Four animals were not operated and served as control group (NOR. After 4 weeks, the regenerated nerve cables were processed for total myelinated axon counting and myelinated fiber diameter measurement. The L5 dorsal root ganglion (DRG was also removed and sectioned for sensory neurons counting and measurement. The results revealed significant difference (pPara avaliar o efeito do NAcetilmuramil- L-Alanil-D-Isoglutamina administrado topicamente em neurônios periféricos em regeneração, doze camundongos C57BL/6J machos adultos foram igualmente separados em três grupos. Quatro animais sofreram transecção unilateral do nervo ciático que foi ancorado no interior de um tubo de polietileno, mantendo-se 4 mm de distância entre as extremidades dos nervos e receberam colágeno + PBS (COL dentro do tubo. Outros quatro animais sofreram o mesmo procedimento cirúrgico, porém receberam colágeno + MDP (COL/MDP no interior da prótese. Quatro animais não foram operados e serviram como controle de normalidade (NOR. Após quatro semanas, os cabos de regeneração foram coletados para determinação do número de axônios mielínicos e da mêdia do diâmetro das fibras mielínicas regeneradas. O gânglio da raiz dorsal L5 também foi coletado para contagem e mensuração dos neurônios sensitivos. Os resultados revelaram diferença significativa no número de axônios entre os grupos NOR (4355±32, COL (1869±289 e COL/MDP (2430±223. Houve redu

  4. Padronização da titulação da toxina épsilon de Clostridium perfringens tipo D em linhagem contínua de células como alternativa ao bioensaio animal Standardization of the titration of the epsilon toxin of Clostridium perfringens type D in cell line as an alternative to animal bioassay

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Milton Formiga Souza Júnior

    2010-03-01

    Full Text Available Enterotoxemia, também chamada de doença do rim pulposo, doença que acomete os ruminantes domésticos, é causada pela ação da toxina épsilon produzida pelo Clostridium perfringens tipo D, um anaeróbio comumente isolado do solo e das fezes de animais sadios. O método tradicional de diagnóstico baseia-se na detecção e classificação dessa exotoxina no conteúdo intestinal por meio da soroneutralização em camundongos. Com isso, o objetivo deste estudo foi padronizar um teste para detecção e titulação dessa toxina in vitro e compará-lo ao fenômeno in vivo. Para isso, uma partida de toxina épsilon de Clostridium perfringens tipo D foi titulada em camundongos e em várias linhagens contínuas de células. Após a determinação da linhagem celular mais sensível, realizaram-se ensaios de titulação in vitro de diluições de uma partida de toxina, comparando-os com os títulos in vivo conhecidos. Os resultados foram agrupados, e foi desenvolvida a equação matemática que melhor adaptou-se aos intervalos trabalhados. A linhagem MDCK, além de mais sensível, demonstrou que o fenômeno observado in vitro pode ser expresso por meio da equação matemática que apresenta uma correlação de 98,33%, com a dose mínima mortal determinada in vivo. Portanto, a linhagem MDCK permite titular a toxina épsilon de C. perfringens tipo D de forma específica e sensível, além de ser uma técnica prática, rápida e que dispensa o uso de animais.Enterotoxemia (also called pulpy kidney disease is an enteric disease, that affect ruminants, produced by epsilon toxin from Clostridium perfringens type D, an anaerobic commonly isolated from soil and feces of healthy animals. The diagnostic is based on detection of this exotoxin in the intestinal content by soroneutralization in mice. Therefore, this study aimed to standardize a test for detection and titration of the toxin in vitro, and compare it with the phenomenon in vivo. A volume of epsilon

  5. Mayaro virus: imported cases of human infection in São Paulo State, Brazil Vírus Mayaro: casos importados de infecção humana no Estado de São Paulo, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Terezinha Lisieux M. Coimbra

    2007-08-01

    amostras, por inoculação em camundongos lactentes. Suspensão de cérebro de camundongo infectado foi inoculada em cultura de células C6/36 e o vírus foi identificado por imunofluorescência indireta com anticorpos policlonais para alphavirus. RT-PCR realizado com RNA extraído do sobrenadante de células C6/36 infectadas, na presença de "primers" genéricos para alphavirus assim como "primers" para MAYV, confirmou os resultados. Os casos relatados ilustram a importância da confirmação laboratorial em estabelecer um diagnóstico correto. Os sintomas clínicos não são sempre indicativos de uma doença causada por arbovírus. MAYV causa doença febril, que pode ser confundida com dengue.

  6. EFFECT OF CHRONIC INGESTION OF WINE ON THE GLYCEMIC, LIPID AND BODY WEIGHT HOMEOSTASIS IN MICE.

    Science.gov (United States)

    Brito-Filho, Sebastião Barreto de; Moura, Egberto Gaspar de; Santos, Orlando José Dos; Sauaia-Filho, Euler Nicolau; Amorim, Elias; Santana, Ewaldo Eder Carvalho; Barros-Filho, Allan Kardec Dualibe; Santos, Rennan Abud Pinheiro

    2016-01-01

    The health benefits associated with moderate wine consumption, as with ethanol and phenolic compounds, include different mechanisms still little understandable. Evaluate glycemic and weight variations, and the deposit of triglycerides, cholesterol and liver glycogen with red wine consumption. 60 ApoE knockout mice were divided into three groups of 20: Wine Group (WG), Ethanol Group (EG) and Water Group (WAG). They received daily: WG 50 ml of wine and 50 ml water; EG 6 ml ethanol and WAG 94 ml of water. All groups were followed for four months. The food intake was monitored daily, in the period from eight to ten hours and held every five days. The measurement of water intake was also made every five days. The weighing of the animals took place every ten days. The WG had higher weight increase as compared to the other groups. The concentration of hepatic triglyceride was higher in WG (57%) and the EG group was lower (31.6%, pwine or some unknown property that led to significant increase in subcutaneous andretroperitoneal fat in mice. Os benefícios para a saúde associados ao consumo moderado de vinho, como etanol e compostos fenólicos, incluem mecanismos diferentes ainda pouco compreensíveis. Avaliar as variações da glicemia, peso e depósito de triglicrideos, colesterol e glicogênio hepático com o uso de vinho tinto. Sessenta camundongos ApoE knockout foram divididos em três grupos de 20: Grupo do Vinho (WG), grupo do Etanol (EG) Grupo Água (WAG). Cada grupo recebeu diariamente: WG 50 ml de vinho e 50 ml de água; EG 6 ml de etanol e WAG 94 ml de água. O WG teve aumento de peso mais elevado em comparação com os outros grupos. A concentração de triglicerídeos foi maior no WG (57%) e no grupo EG inferior (31,6%) do que no controle (p <0,01). A concentração de colesterol foi inferior no WG (23,6%) e no EG (24,5%, p<0,05). A concentração de glicogênio foi maior no WG (16%); a glicemia capilar foi maior no EG em comparação com os outros grupos, mas

  7. Biological aspects of the DM28C clone of Trypanosoma cruzi after metacylogenesis in chemically defined media Aspectos biológicos do clone Dm 28c de Trypanosoma cruzi após metaciclogênese em meio quimicamente definido

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Victor T. Contreras

    1988-03-01

    Full Text Available The biological characterization of the Trypanosoma cruzi clone Dm 28c in terms of its growth in LIT medium, cell-cycle, infectivity to mice and interaction with professional and non-professional phagocytic cells shows that it behaves as a bona fide T. cruzi representant. The biological properties of this myotropic clone do not change according to the origin of the trypomastigote forms (i. e., from triatomines, infected mice, cell-culture or from the chemically defined TAUP and TAU3AAG media. In addition Dm 28c metacyclic trypomastigotes from TAU3AAG medium display a high infectivity level to fibroblasts and muscle cells. Experiments on binding of cationized ferritin to trypomastigotes surface show the existence of cap-like structures of ferritin in regions near the kinetoplast. However the nature and role of these anionic sites remain to be determined. The results indicate that metacyclic trypomastigotes from Dm 28c clone obtained under chemically defined conditions reproduce the biological behaviour of T. cruzi, rendering this system very suitable for the study of cell-parasite interactions and for the isolation of trypanosome relevant macromolecules.A caracterização biológica do clone Dm 28c de Trypanosoma cruzi em termos do seu crescimento em meio LIT, ciclo celular, infectividade para camundongos e interação com células fagocíticas profissionais e não-profissionais, mostra que o mesmo comporta-se como um fiel representante da espécie T. cruzi. As propriedades biológicas deste clone miotrópico não mudam de acordo com a proveniência das formas tripomastigotas (i. e., de triatomíneos, de camundongos infectados, de cultura celular ou dos meios quimicamente definidos TAUP e TAU3AAG. Ainda mais, formas tripomastigotas metacíclicas do clone Dm 28c derivado do meio TAU3AAG apresentam um alto grau de infectividade para fibroblastos e células de músculo. Experimentos de ligação de ferritina cationizada à superfície de

  8. Treatment of serum with supernatants from cultures of Candida albicans reduces its serum-dependent phagocytosis Tratamento de soro com sobrenadante de cultura de Candida albicans reduz a fagocitose soro-dependente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aderbal Antonio dos Santos

    2002-01-01

    Full Text Available Candida albicans is a potent activator of the complement system, and heat labile opsonins produced by activation of C3 (C3b and iC3b enhance phagocytosis of C. albicans mediated by complement receptors. In this study we treated mouse serum with supernatants from cultures of a protease producer strain of C. albicans and evaluated the ability of this serum to enhance phagocytosis of C. albicans. Cell-free supernatants from cultures of C. albicans were concentrated 5 fold and added to mouse serum for 30 min at 37ºC, before using this serum for opsonization of glutaraldehyde-fixed yeast cells. We observed that normal mouse serum increased about 3 fold the phagocytosis of C. albicans by mice peritoneal macrophages, whereas supernatant-treated serum did not increase phagocytosis. This effect of supernatants on serum was prevented by addition of pepstatin (5 µg/ ml; an inhibitor of C. albicans acid proteases to the medium. Serum treated with supernatants from cultures of a protease-deficient mutant of C. albicans also increased about 3 fold phagocytosis of the yeast. These results suggest that a protease produced by C. albicans causes proteolysis of serum opsonins, thereby reducing the phagocytosis of the yeast.Candida albicans é um potente ativador do sistema complemento, e opsoninas lábeis ao calor produzidas por ativação de C3 (C3b e iC3b aumentam a fagocitose de C. albicans mediada por receptores de complemento. Neste estudo, tratamos o soro de camundongo com sobrenadante de culturas de uma cepa de C. albicans produtora de proteases e avaliamos a capacidade deste soro reduzir a fagocitose de C. albicans. Sobrenadantes livres de células obtidos de cultura de C. albicans foram concentrados 5 vezes e adicionados ao soro de camundongo por 30 minutos a 37ºC, antes deste soro ser usado para opsonização de C. albicans na forma de levedura e fixadas em glutaraldeido. Nós observamos que soro normal aumentou 3 vezes a fagocitose de C. albicans por

  9. Genotoxic action of the sesquiterpene lactone glaucolide B on mammalian cells in vitro and in vivo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Regislaine V. Burim

    1999-09-01

    Full Text Available Glaucolide B is a sesquiterpene lactone isolated from Vernonia eremophila Mart. (Vernonieae, Asteraceae and has schistosomicidal, antimicrobial and analgesic activities. This study examined the cytotoxic and clastogenic activities of glaucolide B in human cultured lymphocytes and in bone marrow cells from BALB/c mice. The mitotic index (MI and chromosomal aberrations were analyzed in both of the above systems, whereas sister chromatid exchanges (SCE and the proliferation index (PI were determined only in vitro. In human cultured lymphocytes, glaucolide B concentrations greater than 15 µg/ml of culture medium completely inhibited cell growth. At 4 µg/ml and 8 µg/ml of culture medium, glaucolide B significantly increased the frequency of chromosomal aberrations in lymphocytes and was also cytotoxic at concentrations ³8 µg/ml; there was no increase in the frequency of SCE. Glaucolide B (160-640 mg/kg did not significantly increase the frequency of chromosomal aberrations in mouse bone marrow cells nor did it affect cell division. Since glaucolide B showed no clastogenic action on mammalian cells in vivo but was cytotoxic and clastogenic in vitro, caution is needed in its medicinal use.O glaucolido B é uma lactona sesquiterpênica, g-lactona a,b-insaturada, isolada da Vernonia eremophila Mart. (Vernonieae, Asteraceae; apresenta atividade esquistossomicida e antimicrobiana, além de atividade analgésica. A aceitação de uma substância para uso medicinal também depende de dados sobre sua toxicidade, além de sua eficiência medicinal. Assim, o objetivo deste trabalho foi testar a atividade clastogênica e citotóxica do composto glaucolido B in vitro e in vivo, utilizando linfócitos em cultura temporária e células da medula óssea de camundongos BALB/c, respectivamente. Analisaram-se o índice mitótico (MI e as aberrações cromossômicas nos sistemas in vitro e in vivo, e trocas entre cromátides irmãs (SCE e índice proliferativo (PI

  10. Validation of a PCR Assay for Chlamydophila abortus rRNA gene detection in a murine model

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francielle Gibson da Silva-Zacarias

    2009-11-01

    ção vaginal e sêmen para o diagnóstico da C. abortus. O objetivo deste trabalho foi desenvolver um sistema de PCR para a amplificação de um fragmento de 856-pb do gene rRNA da família Chlamydiaceae. A PCR foi avaliada em órgãos de 15 camundongos infectados experimentalmente com a estirpe de referência S26/3 da C. abortus. Os resultados foram comparados com os obtidos em outro sistema de PCR, previamente descrito para o gene Omp2 (outer major protein da família Chlamydiaceae. Dos 15 camundongos inoculados com C. abortus, 13 (K=0,84, erro padrão=0,20 foram positivos na rRNA PCR e nove (K=0,55, erro padrão=0,18 na Omp2 PCR. O limite de detecção da C. abortus na rRNA PCR (1,05 UFI foi 100 vezes inferior à Omp2 PCR (105 UFI. A maior sensibilidade em comparação ao sistema de PCR anteriormente descrito, bem como a especificidade demonstrada frente a diferentes microrganismos patogênicos do sistema reprodutivo, abrem a perspectiva da utilização da PCR desenvolvida nesse estudo para o diagnóstico molecular da C. abortus em casos de abortamentos e outros distúrbios reprodutivos em bovinos, ovinos e caprinos.

  11. Estudo de uma cepa humana de Schistosoma mansoni resistente a agentes esquistossomicidas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Naftale Katz

    1973-12-01

    Full Text Available Foi isolada uma cepa de Schistosoma mansoni proveniente de dois pacientes tratados com hycanthone, por duas vezes, na dose de 2,5mg/kg, i.m., em janeiro e em abril de 1970, e com niridazole (25mg/kg dia x 5 oral, em abril de 1971. O número de ovos por grama de fezes nestes pacientes antes do tratamento era de 2675 e 1025, respectivamente e, após o terceiro tratamento, em torno de 100 ovos/g. Miracídios obtidos das fezes destes pacientes, infectaram caramujos (Biomphalaria glabrata, que passaram a eliminar cercárias (cepa WW. Estas foram utilizadas para infecção experimental de camundongos albinos. Os animais infectados foram tratados com esquemas múltiplos de hycanthone, niridazole e oxamniquine. Estudos comparativos das cepas WW e LE (esta última mantida rotineiramente em nossos laboratórios mostraram diferenças acentuadas quando à sensibilidade aos esquistossomicidas usados. De fato, com hycanthone, na dose de 80mg/kg, i.m. houve 100% de alteração do oograma nos camundongos infectados com a cepa L.E. e de 0,0% nos infectados com a cepa WW. Com a oxamniquine e niridazole as diferenças foram menores, mas, ainda assim, suficientes para indicar maior resistência da cepa WW a estes esquistossomicidas. Esta é a primeira vez na literatura, que se demonstra resistência em cepas de S. mansoni provenientes de pacientes tratados.There has been isolated a Schistosoma mansoni strain from two patients submitted to two courses of treatment with hycanthone (2,5mg/kg, i.m., in January and April, 1970, and to one course with niridazole (25mg/kg/day x 5, per os, in April, 1971. Before treatment, the number of eggs in the faeces of those patients was, per gram, 2,675 and 1,025, respectively; after completion of treatment, such number had come down to around 100 eggs/gram. Miracidia hatched from the patients faeces could infect Biomphalaria glabrata snails, which elimmated cercariae (WW strain that were used for experimental infection of albino

  12. Recent advances and opportunities in research on lupus: environmental influences and mechanisms of disease Avanços e oportunidades atuais na pesquisa sobre lúpus: influências ambientais e mecanismos da doença

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Glinda Cooper

    2009-12-01

    ário um adjuvante ou efeito do observador para gerar uma resposta autoimune sustentável. A ativação de receptores toll-like é um dos mecanismos através do qual esses efeitos podem ocorrer. A metilação anormal do DNA também pode contribuir à patogenia de lúpus. Cada exposição mostrou, em humanos e camundongos, que age conforme um ou mais desses passos patogênicos. Recomendações específicas ao contínuo progresso do conhecimento sobre as influências ambientais no lúpus e outras doenças autoimunes compreendem o desenvolvimento e utilização de modelos de camundongos com graus variados de penetrância e manifestações da doença, identificação de alvos moleculares ou fisiológicos de exposições específicas, desenvolvimento e uso de melhores metodologias de avaliação de exposição e colaborações multisite para examinar exposições ambientais sobre os humanos menos estudados.

  13. Larvicidal activity of the water extract of Moringa oleifera seeds against Aedes aegypti and its toxicity upon laboratory animals

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo M.P. Ferreira

    2009-06-01

    Full Text Available In this work, biological effects of the water extract of Moringa oleifera seeds (WEMOS were assessed on eggs and 3rd instar larvae of Aedes aegypti and on its toxicity upon laboratory animals (Daphnia magna, mice and rats. Crude WEMOS showed a LC50 value of 1260µg/mL, causing 99.2 ± 2.9% larvae mortality within 24 h at 5200µg/mL, though this larvicidal activity has been lost completely at 80ºC/10 min. WEMOS did not demonstrate capacity to prevent egg hatching. After extensive dialyses of the crude WEMOS into watersoluble dialyzable (DF and nondyalizable (NDF fractions, only DF maintained its efficacy to kill larvae. Acute toxicity evaluations on daphnids (EC50 of 188.7µg/mL and mice (LD50 of 446.5 mg/kg body weight pointed out to low toxicity. Despite the thymus hypertrophy, WEMOS revealed to be harmless in orally and subacutelytreated rats. In conclusion, WEMOS has thermostable bioactive compounds against Ae. aegypti larvae with apparent molecular mass lower than 12 kDa and moderately toxic potential.Neste trabalho, o extrato aquoso das sementes de Moringaoleifera (EASMO foi avaliado quanto aos seus efeitos biológicos sobre ovos e larvas de Aedes aegypti no 3ºestágio de desenvolvimento e sua toxicidade sobre animais de laboratório(Daphnia magna, camundongos e ratos. O EASMO bruto revelou uma CL50 de 1.260 µg/mL, causando 99, 2 ± 2, 9% de mortalidade em 24 h na concentração de 5.200 µg/mL, embora o mesmo não tenha sido capaz de impedir a eclosão dos ovos. A atividade larvicida extinguiu-se após aquecimento do extrato a 80ºC/10 min. Diálises sucessivas do EASMO bruto resultaram em duas frações solúveis em água (Fração dializável, FD; Fração nãodializável, FND, dentre as quais apenas a FD mostrou ação larvicida. Testes de toxicidade aguda realizadosem dáfnias (CE50 de 188, 7 µg/mL e camundongos (DL50 de446,5 mg/kg de peso corpóreo evidenciaram baixa toxicidade. Apesar da hipertrofia tímica, o EASMO mostrou ser

  14. Antigenic and genetic characterization of the first rabies virus isolated from the bat Eumops perotis in Brazil Caracterização antigênica e genética do primeiro isolado de vírus da raiva em morcego Eumops perotis no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Galera Castilho

    2008-04-01

    realizado em cultura de células N2A e em camundongos adultos. A amostra foi submetida à tipificação antigênica, utilizando um painel de oito anticorpos monoclonais (CDC/Atlanta/USA. A seqüência de DNA do gene da nucleoproteína, localizada entre os nucleotídeos 102 a 1385, foi alinhada com seqüências homólogas presentes no GenBank, usando o método CLUSTAL/W e o alinhamento foi utilizado para a construção da árvore filogenética de distância "neighbor-joining" com o modelo K-2-P. O SNC testado foi negativo por IFD, e somente um camundongo morreu após inoculação com a suspensão do SNC do morcego. A tipificação antigênica apresentou resultado não-compatível com os padrões definidos pelo painel. A análise filogenética mostrou que o vírus isolado segregou no mesmo grupo relacionado com outros vírus isolados de morcegos insetívoros, gênero Nyctinomops ssp. (98,8% de identidade de nucleotídeos entre elas.

  15. Terapia fotodinâmica com ftalocianina de zinco tópica: avaliação da intensidade de fluorescência, absorção cutânea, alterações histológicas e imuno-histoquímicas na pele do modelo animal Topical photodynamic therapy with zinc phthalocyanine: evaluation of fluorescence intensity, skin absorption, skin histological and immunohistochemical changes in animal model

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marília Vannuchi Tomazini

    2007-12-01

    Full Text Available FUNDAMENTOS - Ftalocianinas são promissores agentes fotossensibilizadores na terapia fotodinâmica (TFD. OBJETIVOS - Avaliar intervalos, veículos e a incorporação de promotor de absorção na formulação tópica da ftalocianina de zinco (FC-Zn. Avaliar alterações macro e micromorfológicas e a expressão de Fas promovidas pela TFD com FC-Zn tópica no modelo murino. MÉTODOS - Por meio da espectrometria de fluorescência, foram avaliadas combinações de diferentes períodos de oclusão tópica das formulações gel ou emulsão de FC-Zn (1mg/dl, com ou sem monoleína 5%, no dorso do camundongo hairless. Após oito horas das diferentes formulações, os camundongos foram expostos ao laser de diodo de 670nm, dose de 50J/cm-². RESULTADOS - A fluorescência foi discretamente superior após oito horas e com a emulsão nos intervalos de uma, duas e quatro horas de oclusão. A intensidade do edema e da erosão correspondeu à necrose da epiderme e à imunoexpressão de Fas nos cortes histológicos de pele. CONCLUSÕES - Os achados indicam a ação fotodinâmica promovida pela interação entre FC-Zn e fonte de luz de 670nm. As alterações macro e micromorfológicas foram correspondentes e mais substanciais com a emulsão FC-Zn e monoleína, sugerindo a acentuação dos efeitos com essa formulação. A imunoexpressão de Fas e as alterações histológicas sugeriram a apoptose como mecanismo de morte celular na TFD com FC-Zn tópica.BACKGROUND - Phthalocyanines are promising photosensitizers used in photodynamic therapy (PDT. OBJECTIVES - To evaluate the following parameters: intervals, vehicles and enhancer using topical zinc-phthalocyanine (Zn-PC formulation. To examine macro and micromorphological changes and Fas expression induced by topical Zn-PC-PDT on murine skin. MATERIAL AND METHODS - Using fluorescence spectrometry, different intervals of topical occlusion employing Zn-PC gel or emulsion, with or without monolein 5% were studied

  16. Ativação da proteína TGFbetaI latente em pulmão irradiado in vivo Latent TGFbeta1 activation in the lung irradiated in vivo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    MARCOS DUARTE MATTOS

    2002-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Investigar no pulmão, por imunohistoquímica, a localização das proteínas TGFbeta1 latente e TGFbeta1 ativa, se ocorre ativação radioinduzida da proteína TGFbeta1 latente e a distribuição das fibras colágenas em diversos períodos de tempo após irradiação. MÉTODOS: 32 camundongos isogênicos (C57BL foram divididos em dois grupos: GI (não irradiado com 12 animais e GII (irradiado com 20 animais. Os animais do GII receberam radiação gama (telecobaltoterapia, 60Co, com rendimento de 0,97Gy/min, dose única de 7Gy em corpo inteiro. Os camundongos dos grupos I e II foram sacrificados por estiramento cervical nos períodos de 1, 14, 30 e 90 dias após irradiação. RESULTADOS: Os pulmões irradiados apresentaram: 1 congestão vascular e espessamento dos septos alveolares aos 30 dias e mais intensamente aos 90 dias depois da irradiação; 2 aumento significante da deposição de colágeno em todos os períodos de tempo após irradiação; 3 fraca ativação da proteína TGFbeta1 latente em um dia e intensa aos 14 dias depois da irradiação em brônquios e alvéolos. Nossos resultados sugerem que células dos brônquios e alvéolos podem participar do complexo mecanismo de fibrose pulmonar radioinduzida atuando como fontes da proteína TGFbeta1 ativa.PURPOSE: assess the latent and active TGFb1 localization in the lung, whether or not radiation induces latent TGFbeta1 activation, and the distribution of collagen fibers in the irradiated lung. METHODS: Thirty two C57BL mice were randomly assigned in two groups: GI (non irradiated animals and GII (irradiated animals. The mice from GII received a single whole ¾ body radiation dose of 7Gy, using a 60Co source at a dose rate of 0.97 Gy/min. They were sacrificed by cervical dislocation at 1, 14, 30 and 90 days after radiation. RESULTS: The irradiated lungs showed: 1 vascular congestion and thickness of the alveolar septa 30 days and more intense 90 days after irradiation; 2

  17. Biodemes and zymodemes of Trypanosoma cruzi strains: correlations with clinical data and experimental pathology

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sonia G. Andrade

    1997-02-01

    Full Text Available With the objective of establishing biological and biochemical characteristics of a significant number of Trypanosoma cruzi strains from different geographical areas, 138 strains isolated from naturally infected humans, triatomine or vertebrate hosts were studied; 120 were isolated from different areas of Brazil and 18 from other South and Central American countries. Inocula from triatomine or culture forms were injected into suckling Swiss mice, followed by passages into mice 10 to 12 g. Biological characters and histopathological study permitted the inclusion of the strains into three Types or biodemes: I, II, III. Isoenzymic analysis confirmed a correspondence between the biodemes and zymodemes : Type I and Z2b, Type II and Z2, Type III and Z1. Results showed the ubiquitary distribution of the several types of strains. The predominance of the same Type and zymodeme in one geographical area was confirmed : Type II strains among the human cases from eastern Bahia and east of Goiás; Type III strains from humans of north Brazil and Central America and from silvatic vectors or vertebrates from other geographical areas. The biological types of strains correlate with different histopathological lesions considering cardiac involvement and neuronal lesions. These findings suggest that the biological behavior together with isoenzymes patterns and pathological pictures in the vertebrate host can be an important tool for establishing correlations between strains behavior and clinico-pathological manifestations of Chagas' disease in different geographical areas.Foram estudados os caracteres biológicos e isoenzimáticos de 138 cepas do Trypanosoma cruzi de diferentes áreas geográficas, sendo 120 do Brasil e 18 de outros paises da América do Sul e Central. Camundongos recém-nascidos foram inoculados com formas metacíclicas de triatomineos ou de culturas axenicas, seguindo-se passagem em camundongo de 10 a 12g. Os caracteres biológicos e o estudo

  18. Expressão da proteína tgfbeta1 em coração irradiado in vivo In vivo evaluation of expression of TGFbeta1 in the irradiated heart

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renato José Affonso Júnior

    2004-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar, no coração, por imuno-histoquímica, a localização das proteínas TGFbeta1 latente e TGFbeta1 ativa, se ocorre ativação radioinduzida da proteína TGFbeta1 latente, e a distribuição das fibras colágenas em diversos períodos de tempo após irradiação. MATERIAIS E MÉTODOS: Trinta e dois camundongos isogênicos (C57BL foram divididos em dois grupos: GI (não irradiado, com 12 animais, e GII (irradiado, com 20 animais. Os animais do GII receberam radiação gama (telecobaltoterapia, 60Co, com rendimento de 0,97 Gy/min., dose única de 7 Gy em corpo inteiro. Os camundongos dos grupos I e II foram sacrificados por estiramento cervical nos períodos de 1, 14, 30 e 90 dias após irradiação. RESULTADOS: Os corações irradiados apresentaram: 1 alterações nucleares e diminuição das estriações das células musculares cardíacas; 2 aumento significante da deposição de fibras colágenas aos 90 dias depois da irradiação; 3 ativação da proteína TGFbeta1 latente em cardiomiócitos e células do conjuntivo depois da irradiação. CONCLUSÃO: Nossos resultados mostram a importância da proteína TGFbeta1 no processo de fibrose cardíaca radioinduzida e sugerem que células do parênquima (cardiomiócitos e do conjuntivo podem participar deste mecanismo atuando como fontes da proteína TGFbeta1 ativa.OBJECTIVE: To assess the latent and active TGFbeta1 localization in the heart, to evaluate whether or not radiation induces latent TGFbeta1 activation, and to study the distribution of collagen fibers in the irradiated heart. MATERIALS AND METHODS: Thirty-two C57BL mice were randomly assigned in two groups: GI (non irradiated animals and GII (irradiated animals. The mice from GII received a single whole-body radiation dose of 7Gy, using a 60Co source at a dose rate of 0.97 Gy/min. The animals were sacrificed by cervical dislocation at 1, 14, 30 and 90 days after irradiation. RESULTS: The irradiated hearts showed: 1

  19. Constituintes químicos e estudos toxicológicos do óleo essencial extraído das folhas de Citrus limon Burn (Rutaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L.M.L. Campelo

    2013-01-01

    Full Text Available A caracterização química do óleo essencial de folhas de Citrus limon (Rutaceae resultou na identificação de mistura de monoterpenos (limoneno, linalol, cis-óxido de limoneno, trans-óxido de limoneno, citronelal, neral, geranial, nerol e acetato de geranil. As estruturas dos compostos do óleo essencial foram identificadas por GC/MS, por comparação com dados da literatura. Os efeitos da administração crônica oral do óleo essencial de folhas de Citrus limon foram investigados sobre parâmetros bioquímicos e hematológicos em camundongos Swiss machos. Os animais (n = 10/grupo foram tratados por via oral diariamente durante 30 dias com óleo essencial de folhas de Citrus limon, nas doses de 50, 100 ou 150 mg kg-1 de massa corporal e os parâmetros bioquímicos e hematológicos avaliados. O tratamento não causou nenhuma morte ou toxicidade nos animais. A administração do óleo essencial não alterou os parâmetros bioquímicos e hematológicos e a massa dos órgãos, exceto por diminuição de 21 e 11% em uréia e ácido úrico, respectivamente, e 9%, nos níveis plasmáticos de aspartato transaminase (AST. Para os parâmetros hematológicos, houve pequenas mudanças nas contagens de neutrófilos, linfócitos, eosinófilos e monócitos, mas estes não foram diferentes dos valores de referência. Além disso, houve diminuição significativa nos triglicerídeos detectado nos animais tratados com dose de 150 mg kg-1 de óleo essencial. Em conclusão, a administração crônica de óleo essencial não induziu nenhum efeito de risco na maioria dos parâmetros bioquímicos e hematológicos estudados em camundongos Swiss machos. No entanto, a diminuição dos níveis de uréia e ácido úrico em doses elevadas, sugere um possível efeito de insuficiência renal e aumento no teor de AST, sugerindo possível sobrecarga hepática que deve ser investigada com mais detalhe.

  20. Water extracts of Brazilian leguminous seeds as rich sources of larvicidal compounds against Aedes aegypti L.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Davi F. Farias

    2010-09-01

    Full Text Available This study assessed the toxicity of seed water extracts of 15 leguminous species upon Aedes aegypti larvae. A partial chemical and biochemical characterization of water extracts, as well as the assessment of their acute toxicity in mice, were performed. The extracts of Amburana cearensis, Anadenanthera macrocarpa, Dioclea megacarpa, Enterolobium contortisiliquum and Piptadenia moniliformis caused 100% of mortalit y after 1 to 3 h of exposure. They showed LC50 and LC90 values ranging from 0.43 ± 0.01 to 9.06 ± 0.12 mg/mL and from 0.71 ± 0.02 to 13.03 ± 0.15 mg/mL, respectively. Among the secondary metabolite constituents, the seed water extracts showed tannins, phenols, flavones, favonols, xanthones, saponins and alkaloids. The extracts also showed high soluble proteins content (0.98 to 7.71 mg/mL, lectin (32 to 256 HU/mL and trypsin inhibitory activity (3.64 = 0.43 to 26.19 = 0.05 gIT/kg of flour The electrophoretic profiles showed a great diversity of protein bands, many of which already described as insecticide proteins. The extracts showed low toxicity to mice (LD50 > 0.15 = 0.01 g/kg body weight, but despite these promising results, further studies are necessary to understand the toxicity of these extracts and their constituentsfrom primary and secondary metabolism upon Ae. aegypti.Este trabalho objetivou avaliar a toxicidade dos extratos aquosos de sementes de 15 espécies de leguminosas contra larvas de Aedes aegypti. Foi realizada uma caracterização química e bioquímica parcial dos extratos aquosos e a avaliação da toxicidade aguda em camundongos. Os extratos de Amburana cearensis, Anadenanthera macrocarpa, Dioclea megacarpa, Enterolobium contortisiliquum e Piptadenia moniliformis causaram 100% de mortalidade depois de 1 a 3 h de exposição e mostraram valores de CL50 e CL90 entre 0,43 = 0,01 e 9,06 ± 0,12 e entre 0,71 = 0,02 e 13,03 = 0,15 mg/mL, respectivamente. Dentre os constituintes do metabolismo secundário, os extratos

  1. Estudo sobre a eventual utilidade de raios gama na profilaxia da malária transmissível por transfusão de sangue A study on the fortuitons advantage of gamma irradiation in the prophylaxis of transmissible malaria by blood transfusion

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lúcia Maria Almeida Braz

    1998-12-01

    Full Text Available O estudo foi realizado com o objetivo de avaliar a eventual utilidade de raios gama na profilaxia da malária transmissível por transfusão de sangue, tendo sido, para isso, usados camundongos infectados pelo Plasmodium berghei. Na primeira fase, quando submetemos sangue deles retirado a 2.500 e 5.000rad, com associação ou não de metronidazol, não obtivemos sucesso, já que todos os animais antes sem a parasitose apresentaram parasitemia e morreram após inoculação do sangue irradiado. Porém, ocorreu êxito parcial na segunda fase, ao serem empregados 10.000 e 15.000rad, porquanto 20% e 40% dos roedores, respectivamente, embora tenham ficado infectados, sobreviveram, com posterior negativação quanto à presença do P. berghei.This study was carried out to evaluate the fortuitons advantage of using gamma irradiation in the prophylaxis of transmissible malaria by blood transfusion, with mice as the experimental model. In the first step, when the infected blood with Plasmodium berghei was submitted to 2,500rad and 5,000rad, with or without metronidazol, there was no success, because the animals presented parasitaemia and died after inoculation of irradiated blood. However, there was partial success in the second step, when the infected blood received 10,000 and 15,000rad, and was inoculated in mice, which showed infection, and presented a survival rate of 20% and 40%, respectively, with later negativation of blood infected by P. berghei.

  2. Possível interferência da antitoxina tetânica pré-existente, na vacinação antitetânica Possible interference of pre-existing tetanus antitoxin in antitetanus immunization

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosalvo Guidolin

    1981-04-01

    Full Text Available Estudou-se qual a possível interferência no desenvolvimento da imunidade antitetânica ativa em cobaias e camundongos, filhos de fêmeas vacinadas contra o tétano em diferentes épocas durante o período da prenhês. Verificou-se que a vacinação das fêmeas, em gestação não interferiu, negativamente, no desenvolvimento da imunidade ativa dos animais filhos, quando submetidos à vacinação ao redor de 60 dias após o nascimento. A presença de baixos níveis de anticorpos circulantes, recebidos congenitamente, parece ter, em determinadas condições, estimulado a resposta imunitária quando, posteriormente, os animais filhos foram vacinados contra o tétano. Sugere-se que o complexo antígeno-anticorpo formado seja capaz de melhorar a resposta imunitária induzida pelo toxóide.Possibility of interference in the development of active antitetanic immunity was studied in the offspring of guinea pigs and mice whose mothers had received antitetanic vaccine during different periods of pregnancy. Vaccination of the females during pregnancy did not interfere negatively in the development of active immunity in their offspring when the latter were vaccinated about 60 days after birth. The presence of small amounts of circulating antibodies, congenitally received, seems, under certain conditions, to stimulate the immune response upon posterior vaccination against tetanus. This suggests that the acquired antigen-antibody complex heightens the immune response induced by the toxoid.

  3. Experimental ophitoxemia produced by the opisthoglyphous lora snake (Philodryas olfersii venom Ofitoxemia experimental produzida pelo veneno da serpente opistoglifa lora (Philodryas olfersii

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexis Rodríguez-Acosta

    2006-04-01

    Full Text Available Several colubrid snakes produce venomous oral secretions. In this work, the venom collected from Venezuelan opisthoglyphous (rear-fanged Philodryas olfersii snake was studied. Different proteins were present in its venom and they were characterized by 20% SDS-PAGE protein electrophoresis. The secretion exhibited proteolytic (gelatinase activity, which was partially purified on a chromatography ionic exchange mono Q2 column. Additionally, the haemorrhagic activity of Philodryas olfersii venom on chicken embryos, mouse skin and peritoneum was demonstrated. Neurotoxic symptoms were demonstrated in mice inoculated with Philodryas olfersii venom. In conclusion, Philodryas olfersii venom showed proteolytic, haemorrhagic, and neurotoxic activities, thus increasing the interest in the high toxic action of Philodryas venom.Várias serpentes da família Colubridae produzem secreções orais venenosas. Neste trabalho, foi estudado o veneno coletado da presa posterior da serpente opistóglifa venezuelana Philodryas olfersii. Deferentes proteínas estavam presentes no veneno, sendo caracterizadas pela eletroforese de proteínas (SDS-PAGE a 20%. A secreção mostrou atividade proteolítica (gelatinase a qual foi parcialmente purificada em uma coluna de intercâmbio iônico (mono Q2. Adicionalmente, a atividade hemorrágica do veneno de Philodryas olfersii foi demonstrada em embriões de galinha, pele e peritônio de rato. Os sintomas neurológicos foram demonstrados em camundongos inoculados com veneno de Philodryas olfersii. Em conclusão, o veneno da Philodryas olfersii mostrou atividade proteolítica, hemorrágica, e neurotóxica, assim aumentando o interesse na elevada ação tóxica do veneno da Philodryas olfersii.

  4. Uso de células de Aedes albopictus C6/36 na propagação e classificação de arbovírus das famílias Togaviridae, Flaviviridae, Bunyaviridae e Rhabdoviridae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Tadeu Moraes Figueiredo

    1990-03-01

    Full Text Available Colônias de células de mosquito Aedes albopictus C6/36 foram infectadas com 23 arbovirus, sendo 19 destes existentes no Brasil, pertencentes às famílias Togaviridae, Flaviviridae, Bunyaviridae e Rhabdoviridae. A Replicação virai foi detectada por imunofluorescência indireta com todos os vírus estudados enquanto que o efeito citopático foi observado durante a infecção por alguns destes. No teste de imunofluorescência indireta utilizou-se fluidos ascíticos imunes de camundongos, específicos para os vírus estudados. A replicação virai caracterizada por grande produção de antígeno recomenda a utilização de células C6/36 na propagação e em tentativas de isolamento desses arbovirus. A técnica de imunofluorescência ofereceu importantes subsídios na classificação e identificação de vírus que replicam nestas células.C6/36 Aedes albopictus cells were infected w ith Brazilian arbovirus from the families Togaviridae, Flaviviridae, Bunyaviridae and Rhabdoviridae. Replication was obtained with all the studied viruses and cytopathic effect was observed with some. Viral antigen was assayed in C6/36 cell cultures for antigen was assayed in C6/36 cells by an indirect immunofluorescence test using specific mouse immune ascitic fluid. Antigen production was detected in C6/36 cells infected with all the studied viruses. The author recommends the inoculation of C6/36 cell cultures for isolation of virus from the four studied families. The immunofluorescence technique is an important tool for classification and identification of virus growing in C6/36 cells.

  5. Antibody to human T-lymphotropic virus in a patient with Guillain-Barré syndrome (case report Anticorpo para o vírus linfotrópico humano T em um paciente com a síndrome de Guillain-Barré

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C.M. Nakauchi

    1991-08-01

    Full Text Available Serum sample obtained from a male, 12 year old patient suffering from Guillain-Barré syndrome (GBS was positive for human T-lymphotropic virus (HTLV-I antibody by the enzyme-linked immunosorbent assay (ELISA and the Western Blot analysis (WB. Attempts to isolate enteroviruses (including poliovirus from faecal material in both tissue culture and suckling mice were unsuccessful; in addition, acute and convalescent paired serum samples did not show any evidence of recent poliovirus infection when tested against the three serotypes. Specific tests for detection of Epstein-Barr virus infection were not performed; however, the Paul-Bunnel test yielded negative results. ELISA for detection of anti-cytomegalovirus IgM was also negative. The concomitant occurrence of either adult T cell leukemia (ATL or lymphoma was not recorded in this case.Amostra de soro obtida de paciente com a síndrome de Guillain-Barré revelou-se positiva quanto à presença de anticorpos para o vírus linfotrópico humano T (HTLV-I pelo método imuno-enzimático (ELISA e a análise por "Western-Blot". Resultaram negativos os testes visando à detecção de enterovírus (incluindo poliovírus a partir de material fecal, tanto em cultura de tecidos como em camundongos recém-nascidos; exames com amostras de soro aguda e convalescente não exibiram qualquer evidência de infecção recente pelos três tipos de poliovírus. O teste de Paul-Bunnel, assim como o "ELISA" para a detecção de IgM anti-citomegalovírus resultaram negativos. Não foi registrada, no presente caso, quer a leucemia adulta de células T, quer linfomas.

  6. Hepatic and biochemical repercussions of a polyunsaturated fat-rich hypercaloric and hyperlipidic diet in Wistar rats

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Idália M. B. Burlamaqui

    2011-06-01

    Full Text Available CONTEXT: Non-alcoholic fatty liver disease is characterized by lipid deposits in the hepatocytes and has been associated with obesity, dyslipidemia and type-2 diabetes. It is considered a hepatic manifestation of the metabolic syndrome, of which the main component is insulin resistance leading to hyperinsulinemia and increased production of inflammatory cytokines. Saturated fat promotes hypertriglyceridemia and hyperinsulinemia, reduces levels of high-density cholesterol and increases levels of low-density cholesterol, while polyunsaturated fat is associated with hypolipidemic, antiinflammatory and imunoregulating action. OBJECTIVE: To evaluate the hepatic and biochemical repercussions of a polyunsaturated fat-rich diet in Wistar rats. METHODS: Twenty-two rats were distributed equally in two groups: GI - standard diet (Biobase Bio-tec Ratos e Camundongos® providing 3.000 kcal/kg and GII - hypercaloric and hyperlipidic diet providing 4.250 kcal/kg (ω-6:ω-3 = 3:1. The animals were euthanized after 23 weeks of experiment. The weight, biochemical parameters and hepatohistological changes were registered. RESULTS: Findings were submitted to variance analysis with the level of statistical significance at 5%. The average weight did not differ significantly between the groups at baseline (P = 0.711, but was greater in Group II by the end of the experiment (P = 0.000. The levels of triglycerides (P = 0.039, total cholesterol (P = 0.015 and HDL (P = 0.005 were higher in Group I than in Group II. Macrovesicular steatosis was significantly more common in Group II than in Group I (P = 0.03. CONCLUSION: Hypercaloric and hyperlipidic diet rich in polyunsaturated fat promotes weight gain and favors the development of hepatic steatosis while reducing serum levels of triglycerides, total cholesterol and HDL.

  7. Avaliação dos efeitos miorelaxante, antiespasmódico e antinociceptivo do extrato aquoso da Phoradendron piperoides (Kunt. Trel. (Viscaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kellyane S. Dias

    Full Text Available Foram investigados os efeitos miorelaxante, antiespasmódico e antinociceptivo do extrato aquoso liofilizado das folhas da Phoradendron piperoides. A toxicidade aguda também foi avaliada. No íleo isolado de cobaio, o extrato aquoso da P. piperoides (0,05 - 2,0 mg/mL produziu relaxamento de forma concentração-dependente (IC50 = 0,114 mg/mL e, na concentração de 1,5 mg/mL, reduziu a amplitude das contrações induzidas por carbacol (2 µM, histamina (2 µM e BaCl2 (0,03 M em 46,6; 38,6 e 55,3% (p < 0,001, respectivamente. Em camundongos, o extrato aquoso liofilizado (100-400 mg/kg não reduziu de forma significativa as contorções abdominais induzidas por ácido acético, não modificou o tempo de reação dos animais no teste da formalina e não aumentou o tempo de latência ao calor no teste da placa quente. No ensaio de toxicidade aguda utilizado, não foi detectada a morte de nenhum animal após tratamento com doses de até 5 g/kg (p.o. do extrato. Em conclusão, os resultados obtidos indicam que o extrato aquoso da P. piperoides apresenta efeito antiespasmódico e baixa toxicidade aguda. O extrato, no entanto, não possui efeito antinociceptivo.

  8. Histopatologia da esquistossomose mansoni em fígado de Mus musculus infectado por amostras humanas de fase aguda e crônica da periferia de Belo Horizonte, Minas Gerais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Amélia Dulce Vilela de Carvalho

    1986-06-01

    Full Text Available Exemplares de Biomphalaria glabrataforam infectados com miracídios obtidos de ovos de Schistosoma mansoni, encontrados em fezes de indivíduos de 7 a 18 anos, da região de Lagoa da Pampulha, Belo Horizonte, MG. Os pacientes de fase aguda se infectaram em uma primeira visita ao foco. Os da fase crônica eram moradores próximos aos focos. Para cada caso clínico, isolou-se a respectiva amostra do parasita. Foram infectados pela cauda 55 camundongos fêmeas com 70 ± 10 cercárias. Cortes histológicos de fígados, corados por HE, tricrômico de Gomori, impregnação metálica pela prata, e PAS foram observados à microscopia óptica. Não houve diferenças estatísticas em relação às médias das mensurações dos diâmetros dos granulomas referentes às amostras e datas de sacrifícios. Os granulomas apresentaram fase exsudativa do tipo Ha (reação de inflamação mista e IIIa (granuloma com células epitelióides. Com amostras de pacientes em fase aguda o padrão predominante foi a Ha na 7ª semana. Na 10.ª semana predominaram granulomas do tipo IIIa. Nas amostras de pacientes em fase crônica, verificou-se uma mescla de granulomas do tipo Ha e IIIa na 7ª semana. Na 10ª semana predominou o tipo IIIa. Alguns aspectos histopatológicos de fígados foram descritos e comparados com aqueles existentes na literatura.

  9. Estudos sobre a fauna de Sarcophagidae (Diptera de Belo Horizonte - Minas Gerais. I- Levantamento taxonômico e Sinantrópico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edelberto Santos Dias

    1984-03-01

    Full Text Available Com o objetivo de se conhecer a fauna de Sarcophagidae da região de Belo Horizonte, Minas Gerais, e se obter dados sobre seu comportamento, foram realizadas capturas sistemáticas em três áreas ecologicamente distintas, pelo período de um ano (maio de 1980 a abril de 1981. Para as capturas, foram utilizadas dois tipos de armadilhas apropriadas e cinco tipos de iscas; peixe cru, carcaça de camundongo, v´sceras de galinha, banana amassada com rapadura e fezes humanas. Foi capturado um total de 10.097 espécimens, dos quais foram estudados 9.582 exemplares, representados por 25 espécies. O índice de sinantropia foi determinado segundo a metodologia de Nuorteva (1963. Foram obtidos índices variáveis de sinantropia para as 25 espécies analisadas, sendo as mais sinantrópicas Parasarcophaga ruficornis (IS = + 94,7 e Bercaea haemorrhoidalis (IS = + 84,3, e as mais assinantrópicas Euboettcheria florencioi (IS = - 98,8 e Oxysarcodexia augusta (IS = - 96,9.Over a period of one year (May, 1980 to April, 1981, systematic collections of Sarcophagidae were made in three ecologically distinct areas of Belo Horizonte, Minas Gerais. Two types of traps and five types of bait were used: raw fish, carcasses of mice, viscera of chickens, banana mashed with sugar, and human faeces. Of the total of 10,097 specimens captured, the 9,582 studied included 25 species. Indices of synanthropy (I.S. for the 25 species varied considerably. The most synanthropic were Parasarcophaga ruficornis (I.S. = + 94.7 and Bercaea haemorrhoidalis (I.S. = + 84.3, and the least were Euboettcheria florencioi (I.S. = - 98.8 and Oxysarcodexia augusta (I.S. = - 96.9.

  10. Atividades antiúlcera e antioxidante Baccharis trimera (Less DC (Asteraceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Larissa Funabashi de Toledo Dias

    Full Text Available A "carqueja", Baccharis trimera (Less DC (Asteraceae, é uma espécie vegetal característica de regiões tropicais, muito utilizada na medicina popular como antiinflamatória, hipoglicemiante e em tratamento de problemas digestivos. A avaliação da atividade antiúlcera do extrato bruto liofilizado e do extrato liofilizado da "resina" (porção que durante a concentração dos extratos ficava depositada no fundo do recipiente com aspecto viscoso e pegajoso foi realizada através de indução aguda por etanol acidificado. O extrato bruto liofilizado, na dose de 400 mg/ kg, reduziu a área de lesão em 90%, 200 mg/kg, 87%, 100 mg/kg, 66% e o fármaco controle (lansoprazol, 66%. O extrato liofilizado da "resina", administrado na dose de 400 mg/kg, reduziu a área de lesão em 82%, 200 mg/kg, 82%, 100 mg/kg, 53% e o fármaco controle (lansoprazol, 70%. A atividade antioxidante foi ensaiada com extrato bruto liofilizado, extrato liofilizado da "resina", pó da droga e frações clorofórmica, acetato de etila, etanol e etanol 50% através do método que reduz o radical 2,2'-difenil-1-picril-hidrazil (DPPH, permitindo após o equilíbrio da reação, calcular a quantidade de antioxidante gasta para reduzir 50% do DPPH, apresentando resultado evidente, comparado à vitamina E. Não foram verificados sinais de alteração aparente no ensaio de toxicidade na dose única de 5g/kg, em camundongos.

  11. Estudo sobre a epidemiologia da doença de Chagas no Ceará. V. Quirópteros infectados com Tripanosomo tipo cruzi

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J.E. de Alencar

    1976-12-01

    Full Text Available Numa série de pesquisas sobre a epidemiologia da Doença de Chagas no Ceará, muitas espécies de mamíferos foram examinadas, dentre elas algumas espécies de quirópteros. Já antes, no Brasil, 15 espécies foram encontradas infectadas com tripanosomo tipo cruzi, dentre as 30 encontradas infectadas na América, de 1931 a 1964. Esses estudos se fizeram aproveitando o material do Censo Relativo de Morcegos na área da Serra de Maranguape (realizado por dois autores, abrangendo os municípios de Maranguape e Caucaia. Em 141 exemplares (18 espécies e 5 famílias foram feitos xenos com 5 ninfas de Rhodnius prolixus. Examinando o material 30 a 45 dias depois, foram encontrados infectados 9 exemplares, todos da família Phyllostomidae: 7 Artibeus jamaicensis, 1 Glossophaga soricina e 1 Trachops cirrhosus. O primeiro já havia sido encontrado infectado na Colombia e no Panamá; o segundo o foi na Colombia e no Brasil (Estado do Pará; o terceiro o é pela primeira vez. As duas primeiras espécies são insetívoras e frugívoras; a terceira é carnívora, além de frugívora e insetívora. Os parasitos isolados apresentaram características morfológicas e de cultura que permitem colocá-los no grupo dos tripanosomos tipo cruzi.' infectaram triatomíneos e produziram parasitemia (baixa e lesões típicas em camundongos brancos. A cepa de T. cirrhosus não foi isolada, mas as formas metacíclicas em triatomíneos eram semelhantes.

  12. Biological potency evaluation and characterization of rhG-CSF in pharmaceutical products Avaliação biológica da potência e caracterização de rhG-CSF em produtos farmacêuticos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristiane F. Codevilla

    2004-01-01

    Full Text Available The identification of rhG-CSF was carried out in pharmaceutical preparations by non-reducing polyacrylamide gel electrophoresis and western blotting with specific antibodies, showing a single band in the 19 kDa region. The potency was assessed by the neutropenia mouse bioassay giving values between 88.4 and 122.4% of the stated potency. The precision index expressed by weight was between 141 and 432 for the independent assays. Batch-to-batch, the samples met the requirements for the safety test and bacterial endotoxins test. The biological and immunological results showed the quality of the products in clinical use and the specifications established contribute to assuring the safety and efficacy of biological medicines.Realizou-se a identificação do fator estimulador da colônia de granulócitos humanos recombinante em produtos farmacêuticos por eletroforese em gel de poliacrilamida não redutora e imunodetecção com anticorpos específicos, que apresentaram banda única na região de, aproximadamente, 19 kDa. A avaliação de potência baseada na contagem do número de neutrófilos em camundongos com neutropenia forneceu valores entre 88,4 - 122,4 % em relação à potência declarada. A precisão expressa pela ponderação, calculada nos ensaios independentes, forneceu valores entre 141 e 432. As amostras lote-a-lote cumpriram os requisitos dos testes de toxicidade e endotoxinas bacterianas. Os resultados dos ensaios biológicos e imunológicos demonstram a qualidade dos produtos farmacêuticos em uso clínico, e as especificações sugeridas contribuem para assegurar a inocuidade e eficácia terapêutica dos produtos biológicos.

  13. Propriedades funcionais de hidrolisados obtidos a partir de concentrados protéicos de soro de leite Functional properties of whey protein hydrolysates from milk whey proteins concentrate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Teresa Bertoldo Pacheco

    2005-06-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi comparar a atividade funcional de hidrolisados obtidos por diferentes sistemas enzimáticos. Foram selecionadas proteáses de origem animal (pancreatina e bacteriana (protamex e alcalase. A atividade funcional foi monitorada pela dosagem de glutationa no fígado e testes de atividade imunológica no baço para reação imunológica primária (IgM através da contagem de células formadoras de placa (CFP. Nos ensaios biológicos foram utilizados camundongos isogênicos da linhagem A/J, em dieta AIN com 20% de proteínas na forma dos hidrolisados ou de concentrado de soro de leite. O número de CFP não diferiu estatisticamente para os hidrolisados de pancreatina e protamex, sendo inferior (PThe object of this work was to compare the functional activity of whey protein concentrate (WPC and its hydrolysates produced by different enzyme systems. Pancreatin and microbial (protamex and alcalase were utilized. Functional activity was monitored by liver concentration of glutathione and primary immunological response (IgM in spleen (PFC. In the biological assays isogênic mice A/J, fed on an AIN modified diet (20% WPC or its hydrolysates were used. ThePFC number did not differ for pancreatin and protemix hydrolysates but was inferior for alcalase hydrolysate (p<0.05. Liver glutathione concentration showed a high positive correlation (r=0,992 with the PFC number in the spleen.

  14. Toxicity studies of Cordia salicifolia extract Estudo da toxidade do extrato de Cordia salicifolia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberto Kenji Nakamura Cuman

    2005-03-01

    Full Text Available Este estudo foi realizado para determinar a toxicidade aguda do extrato total de Cordia salicifolia (DL50 após administração oral e intraperitoneal em camundongos, assim como os efeitos do extrato sobre alguns parâmetros bioquímicos no plasma de ratos após um tratamento prolongado (90 dias. A DL50 do extrato administrado por v.o. foi maior que 2000 mg/Kg, enquanto a DL50 por via i.p. foi aproximadamente 920 mg/Kg. A administração oral diária do extrato nas doses de 20, 100, 200 e 400 mg/kg por um período de 90 dias não causou modificações no ganho de peso corporal, no peso dos órgãos, nos parâmetros hematológicos e bioquímicos dos animais. Estes resultados indicam que a administração do extrato por um período mais prolongado não provocou efeitos de toxicidade nos animaisThis study was carried out to determine the acute toxicity of the whole Cordia salicifolia extract (LD50 after oral and intraperitoneal administration in mice, and its effect on certain biochemical parameters in the plasma of rats after 90 days of administration. The oral LD50 value of the extract was higher than 2000 mg/kg while the LD50 by intraperitoneal injections was about 920 mg/kg. A daily oral administration of extracts at 20, 100, 200 and 400 mg/kg doses for 90 days did not cause significant changes in the body weight gain, organs weight or biochemical assays and hematology in the animals. The results showed that the administration of the extract for a prolonged period did not produce toxic effects in the animals

  15. Desafios atuais da pesquisa em toxicologia: Avaliação da toxicidade de nanomateriais manufaturados para o desenvolvimento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Isabella Fernandes Delgado

    2013-11-01

    Full Text Available Nanomateriais são partículas ou fibras que possuem pelo menos uma das três dimensões na faixa de tamanho entre 1 e 100 nm. Em virtude das suas propriedades físico-químicas ímpares as nano partículas têm uma variedade de usos na indústria e cada vez mais fazem parte do nosso cotidiano. Entretanto, apesar do número crescente de produtos da nanotecnologia chegando ao mercado, a avaliação dos riscos das NPs para saúde está na sua infância. Os efeitos nocivos das NPs sobre o desenvolvimento pré-natal tem sido ainda menos investigados. Este artigo sumariza a literatura sobre os efeitos das NPs sobre o desenvolvimento. Os estudos são em geral muito recentes e incluem experimentos ex vivo empregando invertebrados e vertebrados não-mamíferos, ensaios in vitro (células tronco embrionárias de camundongos e in vivo em roedores. Muito pouco tem sido publicado a respeito dos efeitos das NPs na placenta e sobre a passagem das NPs da mãe para o embrião e feto humanos. Algumas limitações dos ensaios ex vivo e in vitro para evidenciar potenciais perigos das NPs para o desenvolvimento prenatal humano são discutidas nesta revisão. As diferenças de estrutura e função entre a placenta de roedores e a placenta humana no período inicial da gravidez e a possível relevância delas para a transferencia transplacentária de NPs também são comentadas.

  16. Pasteurization of human milk to prevent transmission of Chagas disease Pasteurização de leite humano para evitar a transmissão da doença de Chagas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudio Santos FERREIRA

    2001-06-01

    Full Text Available Although admittedly transmission of Trypanosoma cruzi infection through breastfeeding is a rare event, it involves serious risks. To test the effectiveness of pasteurization in preventing this mode of infection, three sets of samples of human milk were tested: a - contaminated with T. cruzi and pasteurized; b - contaminated with T. cruzi and non-pasteurized; c - non-contaminated and pasteurized. Samples from all sets were orally and intraperitoneally administered to 90 BALB/c mice. The animals inoculated with contaminated, non-pasteurized samples, got the infection. Controls and the animals inoculated with contaminated and pasteurized milk were not infected. The hypothesis was accepted that pasteurization inactivates T. cruzi trypomastigotes.A amamentação é modo alternativo de transmitir-se a doença de Chagas. Embora admitida como evento raro, a infecção por esta via é preocupante. Para evitá-la é sugerida a pasteurização. Separaram-se para o ensaio três conjuntos de amostras de leite humano: a - contaminadas por Trypanosoma cruzi e pasteurizadas; b - contaminadas por T. cruzi e não pasteurizadas; c - não contaminadas e pasteurizadas. Frações dos três conjuntos foram inoculadas por vias oral e intraperitoneal em 90 camundongos BALB/c. Os animais inoculados com leite contaminado e não pasteurizado infectaram-se. Os controles e os inoculados com leite contaminado e pasteurizado não se infectaram. Aceitou-se a hipótese de a pasteurização ter inativado as formas tripomastigotas de T. cruzi em suspensão no leite.

  17. Dados sôbre a biologia do Triatoma arthurneivai no sudeste do Estado de São Paulo, Brasil (Hemiptera, Reduviidae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Oswaldo Paulo Forattini

    1968-12-01

    Full Text Available Assinala-se o encontro de focos naturais do Triatoma arthurneivai Lent e Martins, 1940, na localidade de Itupararanga, Município de Votorantim, no Estado de São Paulo. Os ecótopos apresentaram as mesmas características já assinaladas anteriormente em regiões vizinhas, ou sejam, as de espaços localizados entre lascas de pedras de «granito róseo». O triatomíneo apresentou-se associado com lagartos Tropidurus torquatus Wied. mas, no laboratório, mostrou acentuada avidez por sangue de camundongos albinos. Por outro lado, a infecção experimental com Trypanosoma cruzi (cêpa F-1 foi obtida com facilidade. Em vista dos dados coletados, os autores permitem-se tecer considerações sôbre a possibilidade desse hemíptero vir a desempenhar algum papel transmissor, na natureza.An area with natural foci of Triatoma arthurneivai Lent & Martins, 1940, is recorded at the place of Itupararanga in the county of Salto de Pirapora, São Paulo State, Brasil. These foci were represented by ecotopes placed between sliced stones, similar to the ones previously described in surrounding regions. An association with lizards Tropidurus torquatus Wied. it was suspected to be of feeding nature. Nevertheless the triatomids showed to eat quickly and intensively white mice, under laboratory conditions. Beside this, the experimental infection by Trypanosoma cruzi was easily obtained. These data led the authors to suspect that T. arthurneivai may play some transmission role in nature.

  18. Intranasal sensitization with Blomia Tropicalis antigens induces allergic responses in mice characterized by elevated antigen-specific and non-specific serum ige and peripheral blood eosinophil counts Sensibilização intranasal com antígenos de Blomia tropicalis induz respostas alérgicas em camundos caracterizadas pela elevada contagem de soro IgE antígeno-específico e não específico e de eosinófilos no sangue periférico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fumiko Takeda

    2004-02-01

    Full Text Available In order to evaluate the potential allergenicity of Blomia tropicalis (Bt antigen, IgE production of both specific and non-specific for Bt antigen was monitored in BALB/c mice after exposure to the antigen by nasal route. It was evidenced that B. tropicalis contains a functional allergen in its components. The allergenic components, however, when administered intranasally without any adjuvant, did not function to induce IgE response within a short period. On the other hand, intranasal inoculation of Bt antigens augmented serum IgE responses in mice pretreated by a subcutaneous priming injection of the same antigens. Inoculation of Bt antigen without subcutaneous priming injections induced IgE antibody production only when the antigen was continuously administered for a long period of over 24 weeks. Even when the priming injection was absent, the Bt antigen inoculated with cholera toxin (CT as a mucosal adjuvant also significantly augmented the Bt antigen-specific IgE responses depending on the dose of CT co-administered. The present study also demonstrated that Bt antigen/CT-inoculated mice showed increased non-specific serum IgE level and peripheral blood eosinophil rates without noticeable elevations of the total leukocyte counts. The immunoblot analysis demonstrated 5 main antigenic components reactive to IgE antibodies induced. These components at about 44-64 kDa position were considered to be an important candidate antigen for diagnosis of the mite-related allergy.Para avaliar a capacidade alergizante do antígeno da Blomia tropicalis (Bt a produção de IgE específica e não específica a antígeno Bt foi monitorada em camundongos BALB/c após exposição ao antígeno por via nasal. Foi evidenciado que Bt contem um alérgeno funcional em seus componentes. Os componentes alergênicos entretanto, quando administrados por via intra-nasal, sem qualquer adjuvante, não induzem resposta IgE durante um pequeno período. Por outro lado, a inocula

  19. Preliminary study to characterize differences in potential immunomodulatory effects of cyclosporine A using BALB/c and ICR mouse splenocytes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Angélica Mariño

    2011-03-01

    different strains of mice/rodents for the evaluation of the overall toxicological potential of any test agent.Ciclosporina A (CsA é amplamente usada como imunossupressor para o tratamento de doenças autoimunes e regulação imune nos pacientes transplantados. Devido à alta aplicabilidade, são imperativos os estudos sobre seus efeitos colaterais indesejáveis. Descobriu-se que nem todos os pacientes tratados com CsA apresentam os mesmos tipos/padrões de efeitos adversos. Para averiguar as bases dessas respostas diferentes, analisaram-se efeitos potenciais diferentes da CsA nos linfócitos B. Isto envolveu a avaliação de alterações na viabilidade da CsA e da atividade mitótica dentro das populações de esplenócitos de camundongos BALB/c e ICR. Essas espécies, em particular, foram examinadas porque: (1 cada uma delas mostrou, previamente, respostas diferentes a modificadores de respostas biológicas, tais como agentes bacterianos e/ou imunogênicos; (2 nossos estudos anteriores mostraram diferenças associadas às espécies em respostas ex vivo de esplenócitos/linfócitos a outro fármaco e (3 qualquer efeito imunomodulatório potencial de um agente em teste deveria ser estudado, no mínimo, em duas espécies diferentes durante a avaliação toxicológica ampla. Esplenócitos de cada espécie foram tratados com 200 μg/mL de CSA e a viabilidade das células CD4+, CD8+ e CD19+ foi monitorada em vários tempos durante o período de exposição. No geral, parece haver uma tendência em relação a aumentos maiores na viabilidade entre os linfócitos B de BALB/c do que no de ICR, à medida que a incubação progride. Não se observou diferenças na sensibilidade do linfócito T, uma vez que o fármaco foi uniformemente letal. Com relação à atividade mitótica, as células de camundongos ICR se mostraram mais suscetíveis à inibição da divisão celular espontânea em baixas concentrações de CsA (relativamente às taxas de blastogênese de BALB/c. Em concentra

  20. GROWTH FACTORS AND COX2 IN WOUND HEALING: AN EXPERIMENTAL STUDY WITH EHRLICH TUMORS.

    Science.gov (United States)

    Salgado, Flávio L L; Artigiani-Neto, Ricardo; Lopes-Filho, Gaspar de Jesus

    2016-01-01

    late scarring by fibroblasts and FGF. A cicatrização é fenômeno biológico inato, e a carcinogênese adquirido, mas com elementos humorais e celulares comuns. A carcinogênese interfere de forma negativa na cicatrização. Avaliar as modificações histológicas nas cicatrizes laparotômicas de camundongos Balb/c sadios como controles, e com a neoplasia de Ehrlich, em suas diferentes formas de apresentação. Foram utilizados 54 camundongos, divididos em três grupos de 18 animais cada um. O primeiro era controle; o segundo com a neoplasia de Ehrlich em sua forma ascítica; e o terceiro na forma subcutânea. Sete dias após a inoculação do tumor, todos os 54 camundongos foram submetidos à laparotomia e reoperados no sétimo dia de pós-operatório, com ressecção da cicatriz e posterior eutanásia. As cicatrizes foram encaminhadas para estudo histológico com técnicas imunoistoquímicas para avaliar Cox-2 (ciclo-oxigenase 2), VEGF (fator de crescimento do endotélio vascular) e FGF (fator de crescimento dos fibroblastos) e analisadas de forma semiquantitativana tanto na cicatriz laparotômica como na parede abdominal mais distante do local operado. Avaliando o peso, observou-se a correta inoculação do tumor e o aumento de peso no grupo com a neoplasia na modalidade ascítica. Os estudos histológicos mostraram que os grupos com a neoplasia apresentaram maior presença da Cox-2 em relação ao controle, estatisticamente significante. No estudo da Cox-2 da parede abdominal foi o local em que o grupo ascítico apresentou a diferença mais expressiva. O VEGF não apresentou diferenças significantes entre os três grupos, independentemente do local estudado. O FGF teve aumento significante nos animais com neoplasia. Os achados histológicos encontrados tanto na cicatriz das laparotomias quanto na parede abdominal mostraram que com a neoplasia de Ehrlich houve resposta inflamatória exacerbada, traduzida por expressão mais intensa da Cox-2 e maior prolifera

  1. Effect of a booster-dose of rabies vaccine on the duration of virus neutralizing antibody titers in bovines Efeito de uma dose de reforço da vacina anti-rábica sobre a duração de títulos de anticorpos neutralizantes do vírus, em bovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Avelino Albas

    1998-08-01

    Full Text Available Humoral immune response using inactivated rabies vaccine was studied in 35 nelore cross-bred bovines of western region of São Paulo state. Ninety days after vaccination, 13 (92.8% animals presented titers 30.5IU/ml, through mouse neutralization test. After 180 days, 9 (64.3% sera showed titers 30.5IU/ml, after 270 days, only one (7.1% showed a titer of 0.51IU/ml, and after 360 days, all animals showed titers 0.5IU/ml. At 180 days, 17 (80.9% sera presented titers > 0.5IU/ml; at 270 days, 15 (71.4%, with titers 30.5IU/ml and at 360 days, 4 (19.0%, with titers 30.5IU/ml. Booster-dose ensured high levels of neutralizing antibodies for at least three months, and 240 days after revaccination, 71.4% of animals were found with titers 30.5IU/ml.A resposta humoral com vacina anti-rábica inativada foi estudada em 35 bovinos mestiços de raça nelore, na região oeste do estado de São Paulo. Noventa dias após a primo-vacinação, 13 (92,8% animais apresentaram títulos 30,5UI/ml, através da prova de soroneutralização em camundongos. Após 180 dias, 9 (64,3% soros evidenciaram títulos 30,5UI/ml; após 270 dias, apenas 1 (7,1% soro demonstrou título = 0,51 UI/ml. O grupo que recebeu dose de reforço 30 dias após primo-vacinação apresentou, dois meses depois, 21 animais com títulos > 0,5UI/ml. Aos 180 dias, 17 (80,9% soros apresentaram títulos > 0,5UI/ml; aos 270 dias, 15 (71,4% soros com títulos 30,5UI/ml; aos 360 dias, 4 (19,0% com títulos 30,5UI/ml. O reforço proporcionou nível elevado de anticorpos, por um período de três meses ou mais e, 240 dias após a revacinação, 71,4% dos animais apresentou títulos 30,5UI/ml.

  2. Analysis of antidiarrhoeic effect of plants used in popular medicine

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cybele E. Almeida

    1995-12-01

    Full Text Available People customarily use the extracts of plants known to have antidiarrhoeal effects without any scientific base to explain the action of the extract. For this reason, an investigation was undertaken with a view to determining the efficacy of the effects of the brute aqueous extract (BAE of the leaves of Psidium guajava (guava, Stachytarpheta cayenensis (bastard vervain, Polygonum punctatum (water. smartweed, Eugenia uniflora (Brazil or Surinam cherry and Aster squamatus (zé-da-silva on the intestinal transport of water in rats and on the gastrointestinal propulsion in mice. With the exception of the BAE of S. cayenensis, all other BAE's have increased the absorption of water in one or more intestinal portion in relation to the control group. All tested BAE, except that of P. punctatum, reduced the gastrointestinal propulsion in relation to that of the control group. The results indicate that the BAE of the leaves of P. guajava, S. cayenensis, P. punctatum, E. uniflora and A. squamatus have a potential antidiarrhoeic effect to be confirmed by additional investigations in animals infected with enteropathogenic agents.Para combater a diarréia muitas vezes as pessoas utilizam extratos de plantas conhecidas popularmente como anti-diarréicas, mesmo sem base científica. Em razão disto, verificou-se o efeito do extrato aquoso bruto (EAB das folhas da Psidium guajava (goiabeira, Stachytarpheta cayenensis (gervão, Polygonum punctatum (polígono ou pimenta d'água, Eugenia uniflora (pitangueira e Aster squamatus (zé-da-silva no transporte intestinal de água em ratos e na propulsão gastrointestinal em camundongos. Com exceção do EAB de S. cayenensis, os demais aumentaram a absorção de água em uma ou mais porções do intestino em relação ao grupo-controle. Todos os EAB testados, com exceção do P. punctatum, reduziram o trânsito intestinal em relação ao grupo-controle. Com base nos resultados obtidos conclui-se que os EAB das folhas de P

  3. Effect of the trehalose levels on the screening of yeast as probiotic by in vivo and in vitro assays Efeito da trealose na seleção de leveduras para uso como probióticos utilizando testes in vitro e in vivo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flaviano S. Martins

    2008-03-01

    foram completados com a capacidade de colonização do trato gastrointestinal de camundongos gnotobióticos pelas leveduras. Pelos resultados obtidos, concluimos que os testes in vitro não são confirmados pelos ensaios in vivo, indicando que essa extrapolação não pode sempre ser feita.

  4. Leishmania mexicana amazonensis: heterogeneity in 5-nucleotidase and peroxidase activities of mononuclear phagocytes during in vivo and in vitro infection Leishmania mexicana amazonensis: heterogeneidade da 5’-Nucleotidase e da peroxidase em fagócitos mononucleares durante infecção in vivo e in vitro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Suzana Côrte-Real

    1988-03-01

    Full Text Available The degree of maturation of cells of the Mononuclear Phagocyte System (MPS, during in vivo and in vitro infection by Leishmania mexicana amazonenesis, was evaluated in this study. The macrophages' differentiation was assayed by cytochemical characterization at the ultrastrctural level, using two well-established markers: 5'-nucleotidase enzyme activity, for revealing the mature cells, and the peroxidase activity present in the cell granules to demonstrate immature mononuclear phagocytes. only a few mcrophages, demonstrating 5'-nucleotidase positive reaction in both the plasma membrane and within their cytoplasmic vesicles, were found scattered in the chronic inflammation at the L. m. amazonensis lesions in albino mice. However, by the peroxidase activity analysis, we were also able to demonstrate the presence of immature MPS cells, which predominate, together with parasitized vacuolated macrophages, in chronic lesions induced in this systemby L. m. amazonensis. The implications of these results on the pathogenesis of murine cutaneous leishmaniasis are discussed.Um estudo sobre o grau de maturação das células do Sistema Fagocítico Mononuclear foi realizado durante a infecção in vivo e in vitro com a Leishmania mexicana amazonensis. A caracterização da diferenciação das células fagocíticas foi obtida com a localização ultraestrutural de dois marcadores enzimáticos bam conhecidos: a enzima 5'-Nucleotidase marcadora de membrana plasmática de células maduras e a enzima peroxidase, presente em grânulos, marcadora de células imaturas. A atividade da enzima 5'-Nucleotidase foi encontrada apenas em alguns macrófagos, presentes no foco inflamatório, em projeções da membrana plasmática e em algumas vesículas citoplasmáticas. Macrófagos peritoneais de camundongo apresentaram a mesma reatividade para este marcador. Contudo a análise da atividade peroxidásica demonstrou a predominância da presença de fagócitos mononucleares

  5. Estudos bionômicos de Dipetalogaster maximus (Uhler, 1894 (Hemiptera - Triatominae: II - Influência da dieta sobre o ciclo biológico e resistência ao jejum Bionomic studies of Dipetalogaster maximus (Uhler, 1894 (Hemiptera: Triatominae: II. Influence of diet on the biological cycle and resitance to fast

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jane Margaret Costa

    1987-03-01

    Full Text Available Avaliou-se a influência de dois tipos de dieta na cronologia da ontogênsese de Dipetalogaster maximus. Alimentou-se um grupo em sangue de camundongos normais (C e outro em sangue de pombos (P. Ambos foram mantidos em estufa B.O.D. a 28ºC e 65% U.R. O grupo alimentado em C, atingiu a fase adulta com X=130,1 dias e o grupo alimentado em P com X=145,68 dias. A percentagem total de mortalidade foi significativamente superior nos alimentados em P (63,71% em relação aos alimentados em C (31,18%. Quanto á resistência ao jejum, o período de sobrevivência foi acentuadamente maior para o grupo alimentado em C. Principalmente nos 3º, 4º e 5º estádios. Estas observações complementam nossos registros anteriores desta espécie, mantida nas mesmas condições, sobre: fertilidade das fêmeas, ritmo de postura, viabilidade dos ovos e curva da mortalidade x fertilidade.Two kinds of blood-meal were assayed in order to broaden the knowledge of the biology of Dipetalogaster maximus: one group of insects was fed on normal mouse blood (C and another group fed on pigeon blood (P. Both groups were kept in a B.O.D. - chamber (28ºC and 65% R.H.. Significant data concerning their development was registered: the group fed on C reached the adult stage in X = 130,1 days and the group fed on P in X = 145,6 days. Mortality of group fed on P, (63,71% was doubled that of group fed on C (31,18%. The period of survival, as measured by resistance to starvation, was markedly greater in group fed on C, particularly in the third, fourth and fifth stages. These observations complete our former records of this species, kept under the same conditions of female fertility, egg vialbility and comparative mortality and fertility rates.

  6. Uso de fluorescência em um método de dissector modificado para estimar o número de miócitos no tecido cardíaco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rômulo Dias Novaes

    2012-03-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Métodos convencionais de dissector atualmente requerem consideráveis custos financeiros, técnicos e operacionais para estimar o número de células, incluindo cardiomiócitos, em uma área de 3D. OBJETIVO: Usar a microscopia de fluorescência em um método de dissector modificado para determinar o número de miócitos no tecido cardíaco em condições normais e patológicas. MÉTODOS: O estudo empregou camundongos Wistar machos com quatro meses de idade e peso de 366,25 ± 88,21 g randomizados em grupos controles (GC, n = 8 e infectados (GI, n = 8. Os animais do GI foram inoculados com cepa Y de T. cruzi (300.000 tripomastigotas/50 g. Após oito semanas, os animais foram pesados e sacrificados. Os Ventrículos Esquerdos (VE foram removidos para análise estereológica da densidade numérica de cardiomiócitos (Nv [c] e o número total dessas células no VE (N [c]. Esses parâmetros foram estimados usando um dissector fluorescente (DF e comparados com os métodos convencionais de dissector óptico (DO e dissector físico (DFi. RESULTADOS: Em ambos os métodos de dissector, os animais do GI apresentaram queda significativa de Nv[c] e N[c] em comparação com os animais do GC (P > 0,05. Uma correlação forte, igual ou superior a 96%, foi obtida entre DF, DO e DFi. CONCLUSÃO: O método DF parece ser igualmente confiável para determinar Nv[c] e N[c] em condições normais e patológicas, apresentando algumas vantagens em relação aos métodos convencionais de dissector: redução de cortes histológicos e imagens na análise estereológica, redução do tempo de análise das imagens, a construção de DF em microscópios simples, utilizando o modo de epifluorescência, distinção de planos de dissector em ampliações inferiores.

  7. Botulism in Brazil, 2000-2008: epidemiology, clinical findings and laboratorial diagnosis Botulismo no Brasil, 2000-2008: epidemiologia, achados clínicos e diagnóstico laboratorial

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ruth Estela Gravato Rowlands

    2010-08-01

    ão foi identificado. Dos 38 casos considerados positivos para botulismo, 27 foram confirmados pelo bioensaio em camundongo. O diagnóstico laboratorial de botulismo é importante para elucidação dos casos, principalmente de botulismo alimentar, para confirmação dos diagnósticos clínicos e identificação das toxinas nos alimentos, provendo subsídios para as medidas de controle sanitário

  8. Microepidemia de histoplasmose na zona rural de Brasília - DF - 1967: II - Estudos Epidemiológico e Parasitológico da Fonte de Infecção

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sydney Schmidt

    1973-04-01

    Full Text Available Neste trabalho são relatadas pesquisas parasitológicas e epiâemiológicas realizadas numa provável fonte de infecção de Histoplasmose da área rural do D. F. - Brasília, onde 14 pessoas contraíram a doença. Os estudos clínico, imunológico e radiológico foram anteriormente descritos. Os autores conseguiram isolar o H. capsulatum do solo da caverna e das vísceras e do sangue de morcegos (Phyllostomus hastatus hastatus, Pallas 1767 que nela habitavam. Resultaram negativas as tentativas de isolamento do fungo de animais sentinelas (cobaios, assim como não se obteve neles a viragem dos testes intradérmicos com histoplasmina. Em impressões de vísceras dos morcegos, constataram-se formas semelhantes as do T. gondii que posteriormente foram isoladas, em camundongos jovens, por inoculação de vísceras maceradas e sangue. Foram encontrados 2 ectoparasitos nos morcegos: Boophilus microplus e um díptero da família Streblidae. O ácaro albergava tripomastigotos do tipo cruzi, não sendo porém conseguido seu isolamento. No tubo digestivo dos quirópteros, foram retirados nematódeos (Histiostrongylus octaeantus e cestódeos do gênero Mathevotaenia. Foram capturados, em torno da entrada da caverna, 2 exemplares de Cercomys cunicularis apereoide não sendo examinados sob o ponto de vista parasitológico. Testes intradérmicos realizados em 826 habitantes da área resultaram positivos em 184 (22,27%. A gruta, fonte da infecção, está localizada em uma formação calcárea, pertencente à série Bambuí, acreditando-se, pelos aspectos tectônicos, ser da idade siluriana. No Brasil, o isolamento de H. capsulatum de solo, guanos de morcegos e vísceras de roedores já tinham sido realizados; contudo, esta foi a primeira vez que se conseguiu isolá-lo do solo de uma caverna, fonte de infecção, e das vísceras e sangue de morcegos. Os resultados obtidos com os testes intradérmicos com histoplasmina demonstraram a prevalência de

  9. Anti-helmínticos na toxocaríase experimental: efeito na recuperação de larvas de Toxocara canis e na resposta humoral Anthelmintics in experimental toxocariasis: effects on larval recovery of Toxocara canis and on immune response

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Susana Zevallos Lescano

    2005-02-01

    Full Text Available Estudou-se a recuperação de larvas na fase crônica de camundongos infectados por Toxocara canis, bem como a presença de anticorpos anti-Toxocara após tratamento com ivermectina, mebendazol ou tiabendazol, durante cinco dias consecutivos. Os animais foram sangrados pelo plexo retroorbitário entre 30 e 270 dias após a infecção (DPI. Os soros foram processados pela técnica de enzyme linked immunosorbent assay (ELISA para pesquisa de anticorpos da imunoglobulina da classe G (IgG, utilizando antígeno ES de T. canis. Aos 270 DPI, os animais foram sacrificados para recuperação de larvas no sistema nervoso central, no fígado, nos pulmões e músculos. Os resultados do teste imunoenzimático indicam que, aos 20 dias após tratamento (50 DPI, o nível de anticorpos anti-Toxocara IgG aumentou nos três grupos tratados, mantendo-se elevado ao longo do experimento até o 270º DPI. Em relação aos animais infectados e não-tratados, observou-se decréscimo significativo no número de larvas recuperadas nos animais dos três grupos tratados, não se conseguindo a cura parasitológica. Com este estudo conclui-se que as três drogas utilizadas no experimento têm eficácia similar.The effects of treatment with ivermectin, mebendazole or tiabendazole, during five days, on the larval recovery and immune response to Toxocara canis in experimental chronically infected mice were studied. Animals were bled, using the retro-orbital plexus between the 30th and the 270th days post-infection (Dpi, and sera were processed by ELISA technique for IgG antibodies using ES antigen from T. canis. On day 270 all the animals were killed for larval recovery in the central nervous system, liver, lungs and carcass. Immunoenzimatic test results indicate that 20 days after treatment (50 DPI the anti-Toxocara IgG antibody level increased in the three treated groups and remained elevated until 270 DPI. It was observed a significative decrease in larvae recovered from

  10. Ca(OH2 action on TNF-alpha and NO release in macrophage culture stimulated by Pseudomonas aeruginosa LPS = Ação do Ca(OH2 sobre a produção de TNF-alfa e NO de cultura de macrófagos estimulada por LPS de Pseudomonas aeruginosa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Queiroz, Celso Emanoel de Souza

    2008-01-01

    Full Text Available Objetivo: A ação do hidróxido de cálcio [Ca(OH2] com o sistema imune e o mecanismo de neutralização das bactérias e seus subprodutos ainda não foi completamente esclarecida. Neste estudo foi avaliada a capacidade do Ca(OH2 em neutralizar o lipopolissacarídeo (LPS de Pseudomonas aeruginosa, utilizando-se duas metodologias: liberação de Óxido Nítrico (NO e Fator de Necrose Tumoral Alfa (TNF-alfa em cultura de macrófagos peritoneais de camundongos. Metodologia: No ensaio do NO, as células peritoneais foram expostas a uma solução de LPS (25mg/mL e 50mg/mL; e à suspensão de LPS/Ca(OH2 em duas concentrações (50mg/ 25mg e 25mg/25mg. Após 8 horas de incubação, foi utilizado reagente de Griess, e a liberação de NO foi quantificada. No ensaio do TNF-alfa, a solução de LPS foi usada na concentração de 25mg/mL e o LPS/Ca(OH2 a 25mg/25mg. Após 24 horas, as células foram fixadas e coradas com cristal violeta, e os valores de absorbância foram obtidos. Os resultados foram expressos em micromols. Todos os testes foram realizados em triplicata. Resultados: A presença de Ca(OH2 nas duas concentrações avaliadas reduziu significativamente a liberação de NO e TNF-alfa. Conclusão: Pode-se concluir que o LPS bacteriano representa um forte estímulo para liberação destas citocinas, mas o hidróxido de cálcio foi capaz de neutralizar este efeito

  11. TOXINAS PARALISANTES EM MEXILHÃO Perna perna EM ÁREAS DE CULTIVO DA COSTA SUL DO BRASIL: ESTUDO DE CASO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M. A. SCHRAMM

    2009-01-01

    Full Text Available

    Santa Catarina é responsável por aproximadamente 93% da produção de mexilhões (Perna perna e ostras (Crassostrea gigas cultivados no país. Embora possuam grande valor nutricional, eventualmente podem representar risco para a saúde do consumidor quando contaminados por agentes tóxicos, como por exemplo, toxinas produzidas por algas, ou ficotoxinas. Algumas ficotoxinas nocivas aos seres humanos têm como vetores os moluscos filtradores que podem acumular essas substâncias nos tecidos quando espécies de microalgas produtoras de toxinas estão presentes na água. A saxitoxina, produzida por alguns dinoflagelados, provoca a Síndrome do Envenenamento Paralisante pelo consumo de Moluscos, do inglês, Paralytic Shellfish Poison - PSP, que é um sério problema para a aqüicultura. Este estudo descreve a contaminação de mexilhões Perna perna por ficotoxinas da PSP com origem na ocorrência da microalga Gymnodinium catenatum em águas marinhas do litoral norte de Santa Catarina nos meses de abril e maio de 2006. Foram coletadas 22 amostras de água do mar e mexilhões em 10 pontos do litoral abrangendo 175Km da costa do Estado. As análises envolveram contagem de algas nocivas na água por microscopia óptica e a quantificação de ficotoxinas da PSP na carne de mexilhões através de bioensaios com camundongos e de cromatografia líquida de alta eficiência - HPLC. Os resultados comprovam a ocorrência, em baixas concentrações, destas ficotoxinas na carne de mexilhões cultivados e mostram a necessidade da inclusão desses contaminantes como parâmetro para a certificação da qualidade de moluscos bivalves destinados ao consumo humano.

  12. Comportamento do vírus da poliomilelite após irradiação ionizante Behaviour of poliomyelitis virus after ionizing radiation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J. Guilherme Lacorte

    1971-01-01

    Full Text Available Prosseguindo nas suas experiências referentes à ação dos Raios X e do Radium sôbre vírus, iniciadas em 1953, quando verificaram que o vírus da gripe submetido a doses não elevadas de Raios X mostra-se com poder patogênica aumentando para camundongos, os autores, nas pesquisas referidas no presente trabalho, submeteram o vírus da poliomielite, amostra MEF1 do tipo 2, à ação de Raios X em doses que que foram de 307r até 3.408.500 r. Empregaram-se 2.140 animais, nas experiências aqui relatadas, o que permitiu conclusões seguras. Os autores observaram irregularidade no comportamento do vírus da poliomielite submetido à ação dos Raios X, no sentido de aumentar-lhe o poder patogênico, em relação com o vírus testemunha, não irradiado. Assinalaram a observação que fizeram sôbre a resistência do vírus seguramente a 3.101.000 r o que julgaram de interêsse registrar. A resistência quase desaparece a 3.386.000 r. Após aplicação de 3.408.500 r o vírus tornou-se inativo.The authors refered in the present paper the experiments made with poliomyelitis virus, type 2, strain MEF1, after exposition to X Rays in the Carrel flask in a fluid layer of 0,1 ml of the vírus suspension. The titrations of the irradiated virus were made after the exposition of the virus suspension from 307 r to 3.408.500 r. The authors observed irregularity in the behaviour of the irradiated virus in comparison with the control. The virus was less active after exposition from 1.021.000 r to 3.386.000 r than the control but still pathogenic for mice. After exposition to 3.408.500 r the virus was inactivated.

  13. Estudo do comportamento biológico de três amostras de trypanosoma cruzi isoladas de pacientes do instituto "dante pazzanese" de cardiologia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vera Lúcia Pereira

    1987-06-01

    Full Text Available Foram estudadas três amostras de Trypanosoma cruzi isoladas de pacientes. As amostras foram observadas sob os seguintes parâmetros: níveis parasitêmicos, morfologia das formas sanguíneas, alterações histopatológicas, virulência e mortalidade em camundongos. A amostra IDPC-1 foi isolada de um paciente naturalmente infectado e tratado com benzonidazol. Provocou baixos índices parasitêmicos e mostrou baixa virulência, sendo que 83,4% dos animais evoluiram para a fase crônica. Os tripomastigotas eram de forma delgada, tornando-se largas ao final da fase aguda. Mostrou-se como miotrópica, pois as reações inflamatórias foram mais evidenciadas em células musculares persistindo ainda na fase crônica. A amostra IDPC-3 foi isolada anteriormente ao tratamento quimioterápico, de um paciente com infecção aguda por via transfusional. Causou altos níveis parasitêmicos e mostrou alta virulência com mortalidade total até o 12.° dia. As formas delgadas foram predominantes e foi caracterizada como retieulotrópica, por apresentar severa inflamação e parasitismo em linfonodos, baço e fígado A amostra IDPC-2 foi isolada de um paciente infectado por via transfusional, após o tratamento com três diferentes esquemas terapêuticos. Apresentou moderada virulência, com mortalidade total até o 17° dia e predominância de formas delgadas em todo decurso da infecção; contudo os índices parasitêmicos foram baixos. Houve uma severa reação inflamatória e parasitismo sistêmicos, porém mais evidenciados em células musculares, mostrando-se como miotrópica. Esta amostra apresentou comportamento biológico similar a IDPC-3, com pequenas divergências como baixos índices parasitêmicos e tendência ao miotropismo. Estes dados sugerem que amostras de T. cruzi isoladas de pacientes considerados fracasso terapêutico apresentam padrões de comportamento biológico similares a outras cepas já estudadas, porém provocam infecção menos

  14. ANTIGENIC RELATEDNESS OF SELECTED FLAVIVIRUSES: STUDY WITH HOMOLOGOUS AND HETEROLOGOUS IMMUNE MOUSE ASCITIC FLUIDS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    S.S. BABA

    1998-11-01

    Full Text Available The antigenic relationship of 9 flaviviruses, Yellow fever (YF , Wesselsbron (WSL , Uganda S (UGS , Potiskum (POT, West Nile (WN , Banzi (BAN , Zika (ZK , Dengue type 1 (DEN-1 and Dengue type 2 (DEN-2, was assessed by cross-haemagglutination-inhibition (Cross-HI and cross-complement fixation (Cross-CF reactions between each of the viruses and their homologous immune mouse ascitic fluids. Titre ratios were calculated using the heterologous and homologous titres. Cross-CF reactions revealed wider antigenic variations among viruses than Cross-HI reactions. There was no significant antigenic variation between WSL, POT and YF viruses using either of those methods. However, definite differences in antigenicity were observed between them and UGS, BAN and ZK viruses. There were no significant differences between UGS, BAN and ZK or between DEN-1 and DEN-2. The serological relationship among flaviviruses is important in establishing diagnosis and epidemiology of these infections in Africa.A relação antigênica de 9 Flavivirus, Febre amarela (YF, Wesselsbron (WSL, Uganda S (UGS, Potiskum (POT, West Nile (WN, Banzi (BAN, Zika (ZK, Dengue tipo 1 (DEN-1 e Dengue tipo2 (DEN-2, foi avaliada por reação de inibição da hemaglutinação cruzada (cross-HI e reação de fixação do complemento cruzada (Cross-CF entre cada um dos virus e seu fluido ascítico homólogo em camundongos. Médias de títulos foram calculadas usando os títulos heterólogos e homólogos. Reações cruzadas CF revelaram maiores variações antigênicas entre virus do que reações cruzadas HI. Não houve variação antigênica significativa entre virus WSL, POT e YF usando cada um dos métodos. Todavia, diferenças definidas da antigenicidade foram observadas entre eles e os vírus UGS, BAN e ZK. Não existiram diferenças significativas entre UGS, BAN e ZK ou entre DEN-1 e DEN-2. A relação sorológica entre Flavivirus é importante para se estabelecer o diagnóstico e a

  15. Quantitative toxoplasma gondii oocyst detection by a modified Kato Katz test using Kinyoun staining (KKK in ME49 strain experimentally infected cats Detecção quantitativa de oocistos de Toxoplasma gondii, por um teste modificado de Kato Katz usando coloração de Kinyoun (KKK, em gatos infectados experimentalmente com a cepa ME49

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Regina Meireles

    2008-06-01

    Full Text Available We detected Toxoplasma gondii oocysts in feces of experimentally infected cats, using a Kato Katz approach with subsequent Kinyoun staining. Animals serologically negative to T. gondii were infected orally with 5x10² mice brain cysts of ME49 strain. Feces were collected daily from the 3rd to the 30th day after challenge. Oocysts were detected by qualitative sugar flotation and the quantitative modified Kato Katz stained by Kinyoun (KKK. In the experimentally infected cats, oocysts were detected from the 7th to 15th day through sugar flotation technique, but oocysts were found in KKK from the 6th to 16th day, being sensitive for a larger period, with permanent documentation. The peak of oocysts excretion occurred between the 8th to 11th days after challenge, before any serological positive result. KKK could be used in the screening and quantification of oocysts excretion in feces of suspected animals, with reduced handling of infective material, decreasing the possibility of environmental and operator contamination.Detectamos oocistos de Toxoplasma gondii em fezes de gatos experimentalmente infectados, usando a abordagem de Kato Katz, com subseqüente coloração pelo método de Kinyoun. Animais sorologicamente negativos ao T. gondii foram infectados por via oral com 5x10² cistos da cepa ME49 de cérebros de camundongos. Fezes foram colhidas diariamente a partir do 3º até o 30º dia pós-infecção. Oocistos foram detectados por centrífugo-flutuação em sacarose qualitativa e pelo método quantitativo de Kato Katz modificado corado pela técnica de Kinyoun (KKK. Em gatos experimentalmente infectados, oocistos foram detectados do 7º ao 15º dia pela técnica de centrífugo-flutuação em sacarose, mas oocistos foram detectados do 6º ao 16º dia pelo KKK, sendo sensível por um período maior, com documentação permanente. O pico da excreção de oocistos ocorreu entre 8º a 11º dia pós-infecção, antes de resultado sorológico positivo

  16. Efeitos da ciclosporina A e betametasona na toxocaríase murina experimental Effects of cyclosporin A or betamethasone on experimental murine toxocariasis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Susana A. Zevallos Lescano

    2004-02-01

    Full Text Available Estudou-se o efeito de ciclosporina A ou betametasona em camundongos experimentalmente infectados por larvas de Toxocara canis administrados 15 dias antes ou 45 dias após infecção por esse ascarídeo. Nos animais infectados determinou-se a cinética da resposta humoral por IgG 60 e 90 dias após infecção por meio de pesquisa de anticorpos anti-Toxocara, utilizando teste imunoenzimático, em amostras de sangue obtidas por punção do plexo orbitário. No 90º dia após a infecção todos os animais sobreviventes foram sacrificados e submetidos a digestão ácida da carcaça, pulmões, fígado e cérebro para recuperação de larvas de Toxocara canis encistadas nesses órgãos. Observou-se retardo na produção de anticorpos IgG anti-Toxocara nos animais tratados com ciclosporina A ou betametasona 15 dias antes da infecção, além de aumento significativo na quantidade de larvas de Toxocara canis recuperadas no grupo de animais que foi tratado com ciclosporina A 15 dias antes da infecção pelo ascarídeo.The effects of administration of either cyclosporin A or betamethasone 15 days before or 45 days after experimental infection with Toxocara canis on mice had been studied. The dynamics of IgG antibody production, employing an enzyme-linked immunosorbent assay, was studied 60 and 90 days after mice infection by Toxocara canis. In the 90th day after infection all surviving mice were sacrificed and the tissue trapped larvae recovered by acid digestion in the muscles, lungs, liver and brain. A significative delay in the production of IgG antibodies anti-Toxocara was observed in all the mice treated with cyclosporin A or betamethasone 15 days before infection. On the other side, mice treated with cyclosporine 15 days before infection, but not with betamethasone, showed a significative higher number of trapped Toxocara canis larvae in the examined tissues.

  17. Microwave treatment of human milk to prevent transmission of Chagas disease Tratamento do leite humano pelo microondas para prevenir a transmissão de doença de Chagas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudio Santos Ferreira

    2003-01-01

    Full Text Available It is recognized that breast feeding is an alternative means of transmission of Chagas disease. However, thermal treatment of milk can prevent this occurrence. As domestic microwave ovens are becoming commonplace, the efficacy of microwave thermal treatment in inactivating Trypanosoma cruzi trypomastigotes in human milk was tested. Human milk samples infected with T. cruzi trypomastigotes (Y strain from laboratory-infected mice, were heated to 63 °C in a domestic microwave oven (2 450 MHz, 700 W. Microscopical and serological examinations demonstrated that none of the animals inoculated orally or intraperitoneally with infected milk which had been treated, got the infection, while those inoculated with untreated, infected milk, became infected. It was concluded that the simple treatment prescribed, which can easily be done at home, was effective in inactivating T. cruzi trypomastigotes contained in human milk.A amamentação é reconhecidamente um modo alternativo de transmissão da doença de Chagas. Entretanto, o tratamento térmico do leite pode evitar tal acidente. Por ser atualmente comum o uso doméstico de fornos de microondas, projetou-se um experimento para avaliar a eficácia do tratamento térmico do leite por microondas na inativação de formas de Trypanosoma cruzi contidas no leite materno. Acrescentaram-se, a amostras de leite humano, tripomastigotas de T. cruzi (cepa Y provenientes de camundongos infectados em laboratório. Essas amostras foram aquecidas a 63 ºC (sete minutos, 45% de potência em forno de microondas doméstico (2 450 MHz, 700 W. Exames microscópicos e sorológicos dos animais inoculados, por via oral ou intraperitoneal, com leite infectado e tratado, foram negativos. Os resultados dos inoculados com leite infectado e não tratado foram positivos. Concluiu-se que este é um processo simples e eficaz para inativar tripomastigotas contidos em leite, podendo facilmente ser executado em ambiente doméstico.

  18. Alberprosenia malheiroi Serra, Atzingen & Serra, 1987 (Hemiptera, Reduviidae: redescrição e bionomia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodolfo U. Carcavallo

    1995-12-01

    Full Text Available Sobre Alberprosenia malheiroi n. sp. deu-se a conhecer uma diagnose resumida em 1980, porém sem valor bibliográfico. Em 1987 publicou-se a mesma diagnose anexando uma foto e alguns comentários, porém sem realizar uma descrição formal. Descreve-se para esta espécie, os adultos, os estádios imaturos, determina-se a série sintípica e apresenta-se dados bionômicos e de criação em insetário. As diferenças mais evidentes com A. goyovargasi, a única espécie que se conhecia do gênero até então, são a coloração geral negra, o espaço interocular maior que o tamanho de um olho visto dorsalmente, os tubérculos do colar com o ápice agudo e o tamanho maior, na nova espécie, quase o dobro do da primeira espécie. Os ovos são pequenos, fixados ao substrato em grupos de 3 ou 4, elipsóides, não achatados lateralmente, com o opérculo proeminente, convexo, sem estruturas evidentes. As ninfas apresentam em todos os estádios caracteres típicos do gênero e da tribo, com região anteocular menos longa que a post-ocular e característica pilosidade do tegumento que vai se acentuando a cada estádio. A. malheiroi n. sp. foi capturado em ecótopos silvestres em palmeiras em floresta no Estado do Pará, associados com morcegos ou aves. Nenhum dos exemplares estava infectado com Trypanosoma cruzi. Esses triatomíneos foram mantidos em insetários a ± 25°C e ± 60% UR, são insetos ágeis e voam com relativa facilidade. Alimentaram-se bem em pombos e morcegos e não aceitaram alimentação em ratos, camundongos ou hamsters. O período de incubação dos ovos foi em média treze dias e o tempo de evolução do período ninfal foi em média cento e trinta e dois dias.

  19. Diagnóstico laboratorial de raiva em quirópteros realizado em área metropolitana na região sudeste do Brasil Laboratory diagnosis of rabies in chiroptera carried out of a metropolitan area of Southeastern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marilene F. Almeida

    1994-10-01

    Full Text Available No período de janeiro de 1988 adezembro de 1992, foi realizado diagnóstico de raiva em 289 morcegos através das técnicas de imunofluorescência direta e de inoculação intracerebral em camundongos. Dois morcegos insetívoros da espécie Nyctinomops macrotis se apresentaram positivos, representando 0,69% da amostra. Esses morcegos foram capturados, ainda vivos, em 1988 e 1990, na sala de um apartamento no sétimo andar e no muro de uma casa, respectivamente. Ambos em bairros residenciais. Apresentaram período de incubação de 13 e 11 dias, respectivamente, na prova biológica. A existência de morcegos insetívoros infectados com o vírus da raiva é preocupante, uma vez que essa população parece ser cada vez mais freqüente em áreas urbanas, porém isto não justifica ações predatórias indiscriminadas contra as espécies, principalmente levando-se em consideração a importância do morcego no equilíbrio ecológico da população de insetos, abundante em área urbana.Between January, 1988 and December, 1992 the S. Paulo Animal Disease Control Center subjected 289 bats to rabies examinations, utilizing the direct immunofluorescence and biological techniques. Two insectivorous bats belonging to the species Nyctinomopsmacrotis, representing 0.69% of the total sample, tested positive. Both animals had been captured alive in residential neighborhoods of the city, one in 1988 in the living room of a 7' th floor apartment and the other in 1990 on top of a wall surrounding a private house. In the biological tests, the disease showed incubation periods of 13 and 11 days respectively.Although the existence of infected insectiverous bats in urban areas is cause for concern, indiscriminate predatory action against such species can in no way be justified-particularly bearing in mind their importance in preserving the ecological balance of the insect population so prevalent in cities.

  20. Infestation of Palm Trees by Triatomines (Hemiptera: Reduviidae in the State of Bahia, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo Gurgel-Gonçalves

    2012-12-01

    Resumo. As palmeiras desempenham papéis importantes como habitats de reprodução e alimentação para triatomíneos silvestres, vetores da doença de Chagas. A ocorrência de triatomíneos em palmeiras peridomiciliares pode aumentar o risco de invasão desses insetos em domicílios e deve ser considerada para desenvolver estratégias de prevenção. Com objetivo de investigar a infestação de palmeiras por triatomíneos no Estado da Bahia e determinar a infecção natural desses insetos por Trypanosoma spp., foram amostradas 183 palmeiras em 12 municípios entre 2006 e 2011 utilizando captura manual e/ou armadilhas adesivas iscadas com camundongos. Os triatomíneos foram detectados em 79 palmeiras (43% das espécies Copernicia prunifera (Mart. Becc., Mauritia flexuosa L. e Attalea spp. (Attalea burretiana Bondar ou Attalea salvadorensis Glassman. Em outras espécies de palmeiras (Syagrus coronata (Mill H.E. Moore, Attalea funifera Mart ex. Spreng e Elaeis guineensis Jacq não foram detectados triatomíneos. Rhodnius neglectus Lent, Triatoma sordida (Stål, e Triatoma pseudomaculata Corrêa & Espínola ocorreram em C. prunifera ao longo do rio São Francisco. No extremo oeste da Bahia, R. neglectus e Psammolestes tertius Lent & Jurberg foram detectados em M. flexuosa, enquanto Triatoma tibiamaculata (Pinto ocorreu em Attalea sp. em áreas urbanas de Salvador. No total, 180 triatomíneos foram capturados, principalmente R. neglectus. A maior taxa de infecção natural (61% foi observada em T. tibiamaculata. Os resultados indicam que pelo menos três espécies de palmeiras são habitats favoráveis para triatomíneos no estado da Bahia e ocorrem no ambiente peridomiciliar, o que pode aumentar a probabilidade de invasão de triatomíneos nas casas.

  1. Estudos pré-clínicos e clínicos de espécies vegetais selecionadas de países pertencentes ao Mercosul e aspectos toxicológicos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camile Cecconi CECHINEL-ZANCHETT

    2017-12-01

    Full Text Available As plantas medicinais são utilizadas para a prevenção e tratamento de doenças, sendo usada por cerca de 80% da população para o cuidado primário à saúde. A rica biodiversidade do Brasil e países vizinhos oferece um potencial único e incomparável para a descoberta e desenvolvimento de agentes bioativos. O objetivo desse trabalho foi fazer uma revisão sobre estudos pré-clínicos e clínicos de espécies vegetais selecionadas dos países do Mercosul e aspectos toxicológicos. Com base em trabalho publicado anteriormente pelo autor, foram selecionadas as espécies com maior número de registro na Anvisa no Brasil (Aesculus hippocastanum - Castanha da Índia e Mikania glomerata- Guaco; as mais utilizadas como medicamentos fitoterápicos simples na Argentina (Cynara scolymus L. - Alcachofra e Solanum dulcamara - Dulcamara; as plantas medicinais mais vendidas no Paraguai (Peumus boldus Mol. - Boldo e Borago officinalis - Borragem; as mais consumidas no norte do Uruguai (Aloe vera – Aloe e Passiflora edulis - Maracujá e da Venezuela a Hedera helix (Hera por ser muito popular no país seu consumo. Foram realizadas pesquisas nas bases de dados Google Acadêmico, PubMed e Science Direct no mês de abril de 2016, sobre ensaios pré-clínicos e clínicos dessas espécies vegetais, em português e inglês, sendo selecionados os artigos mais relevantes, com uso de animais (ratos, coelhos ou camundongos, linhagens celulares ou bacterianas, ou estudos clínicos. Em relação aos estudos pré-clínicos e clínicos, Aloe e Alcachofra, foram as que apresentaram maior número de publicações.

  2. Influence of canine brain decomposition on laboratory diagnosis of rabies Influência da decomposição do cérebro de cães no diagnóstico laboratorial da raiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Avelino Albas

    1999-02-01

    Full Text Available Canine brains infected with rabies virus were submitted to decomposition by being left at room temperature of 25 to 29oC for up to 168h. At 24h intervals, brain fragments were analyzed by immunofluorescence (IF and by the mouse intracerebral inoculation (MI test to confirm the diagnosis of rabies and to measure the putrefaction effect on the accuracy of the diagnosis. Forty eight h after the beginning of the experiment, the MI test showed signs of impairment with four negative results, while after 72h, 100% of the results were negative to the MI test and only one result was negative to the IF test, indicating that the threshold period for accurate diagnosis is 24 to 48h before putrefaction. The authors recommend the shipment of suspected cases of rabies to the laboratory for confirmation, but the use of putrid materials for diagnosis is meaningless because of false-negative results.Cérebros de cães infectados com o vírus da raiva foram submetidos à decomposição, deixando-os à temperatura ambiente de 25 a 29oC por até 168 horas. A cada 24 horas, fragmentos de cérebros foram analisados pela imunofluorescência (IF e inoculação intracerebral em camundongos (IC para confirmar o diagnóstico de raiva e medir o efeito da putrefação na acurácia do teste. Após 48 horas do início do experimento o teste de IC começou a ser prejudicado, detectando-se quatro resultados negativos, enquanto que, após 72 horas, 100% dos resultados foram negativos para IC e apenas um foi negativo para IF, indicando que o período limite para um diagnóstico seguro está entre 24 e 48 horas antes da putrefação. Os autores recomendam o envio de material suspeito para o diagnóstico laboratorial, no entanto, o uso de materiais em adiantado estado de decomposição não é adequado, devido à ocorrência de resultados falsos-negativos.

  3. Análise morfológica e morfométrica de fetos e respectivas placentas expostos a cafeína e taurina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Suzana Guimarães Moraes

    2016-10-01

    Full Text Available Introdução: utilizadas, pioneiramente, como substâncias estimulantes para desportistas, as bebidas energéticas, foram impulsionadas no mercado de consumo e tornaram-se populares entre jovens e adultos a partir de sua introdução no mercado em 1987. As bebidas energéticas, são amplamente conhecidas por serem compostas tipicamente por cafeína e taurina. Estas substancias, principalmente a cafeína, podem ser encontradas naturalmente em alimentos e bebidas. As gestantes também estão propensas a consumir este tipo de alimento, o que, diretamente pode influenciar o desenvolvimento fetal; Objetivo: analisar alterações morfológicas e morfométricas de fetos e suas respectivas placentas expostas ao uso de cafeína combinada ou não com taurina; Metodologia: Camundongos Mus musculus domesticus foram expostos à cafeína, combinada ou não com taurina durante a gestação. Após a eutanásia no 19o dia de gestação, fetos e placentas foram submetidos à avaliação morfométrica (peso e tamanho, sendo em seguida fixados em formol 10%. As placentas foram submetidas a processamento histológico convencional com coloração por Hematoxilina de Harris e Eosina (HE e tricrômico de Masson para avaliação da integridade do tecido; Resultados: foram acasaladas 54 fêmeas, obtendo sucesso de acasalamento em apenas 8. Observou-se uma formação de edemas perivascular, ou seja, acúmulo de líquido extracelular ou intersticial, na região labiríntica nos três grupos experimentais. Em relação aos fetos tratados com as substâncias, foi visível a diferença em relação aos tamanhos, quando comparados àqueles do grupo controle; Conclusão: Pode-se concluir, portanto, que as substancias administradas alteram alguns parâmetros fetais e placentários, devendo ser evitados durante toda a gestação. Novos trabalhos, com uma maior amostra, devem ser realizados.

  4. Atividade Antinociceptiva e Antimicrobiana da Casca do Caule de Psidium Cattleyanum Sabine

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    F.Q. ALVARENDA

    2015-01-01

    Full Text Available RESUMO Psidium cattleyanum Sabine, conhecida como “araçá”, é espécie nativa do Bioma Cerrado brasileiro comumente utilizado, segundo levantamento etnobotânico, como planta medicinal para tratar várias doenças tais como: patologias hepáticas, gástricas, lesões teciduais incluindo processos dolorosos. O objetivo deste trabalho foi realizar a triagem fitoquímica com propósito exploratório, investigar a atividade analgésica e antimicrobiana do extrato hidroalcoólico da casca do caule de Psidium cattleyanum Sabine (ECPCS para apoiar o uso dessa espécie como planta medicinal. Para isso, foram obtidos extratos e frações com solventes orgânicos de polaridade crescente (hexano, diclorometano, acetato de etila e isobutanol avaliando-se o perfil fitoquímico para determinar as principais classes de metabólitos secundários presentes na espécie. Investigou-se a atividade analgésica pelo teste de contorções abdominais em camundongos induzidas pelo ácido acético (0,6%. A Concentração Inibitória Mínina (CIM e Concentração Bactericida Mínima (CBM foram avaliadas através da técnica de microdiluição em caldo contra micro-organismos da microbiota oral. A triagem fitoquímica identificou a presença de taninos, saponinas, flavonoides e terpenos e/ou esteroides. O ECPCS exibiu atividade analgésica periférica nas doses de 200 e 400 mg/kg. O EAC (extrato acetato de casca o EDC (extrato diclorometânico de casca desempenharam melhor ação inibitória sobre o crescimento bacteriano de Estafilococos oralis com CIM 100 e 150 respectivamente. O ECPCS desempenhou ação inibitória sobre o crescimento bacteriano. Os resultados dos estudos experimentais comprovaram a presença de compostos secundários tais como, taninos e flavonoides, o que, provavelmente, pode ser associado à atividade analgésica e ao efeito inibitório sobre os micro-organismos testados com o ECPCS, o que justifica o uso medicinal planta.

  5. Alterações fetais induzidas pelo uso de antiinflamatórios durante a gestação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fonseca Cláudia Sampaio

    2002-01-01

    Full Text Available Em geral, todos os efeitos dos antiinflamatórios estão relacionados com a inibição da ciclo-oxigenase (COX do ácido araquidônico e, portanto, inibição da produção de prostaglandinas e tromboxanos. Existem dois tipos de COX, quais sejam COX-1 e COX-2. A COX-1 é uma enzima constitucional expressa em muitos tecidos, incluindo plaquetas sangüíneas, e está envolvida na homeostase tecidual. Por outro lado, a COX-2 é induzida em células inflamatórias quando elas são ativadas, sendo considerada a enzima que produz os mediadores da inflamação da classe dos prostanóides. A ação dos antiinflamatórios está relacionada à inibição da COX-2 e é provável que seus efeitos indesejados se devam principalmente à inibição da COX-1. Tratamentos maternos com antiinflamatórios não esteroidais (AINEs têm sido associados, com freqüência, à vasoconstrição do ducto arterioso fetal, hipertensão arterial pulmonar e inibição da agregação plaquetária. Alterações na hemostasia são alguns dos efeitos colaterais produzidos pelo uso incontrolado dos AINEs, os quais induzem a um desequilíbrio na liberação de prostaglandinas e tromboxanos, que se reflete na adesividade e agregação plaquetária. As alterações hemostáticas observadas em neonatos, decorrentes do uso de salicilatos pela mãe, ocorrem devido à inibição da agregação plaquetária e à diminuição da atividade do fator XII relacionado à coagulação sangüínea. Estudos em camundongos revelaram que o uso de corticóides durante a gestação pode levar a anormalidades no desenvolvimento fetal, por alterações na diferenciação celular.

  6. Effects of lethal and non-lethal malaria on the mononuclear phagocyte system

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Eduardo Tosta

    1983-03-01

    Full Text Available The effects ofone non-lethal species ofmalarialparasite, Plasmodium yoelii, and one lethal species, P. berghei, on the mononuclear phagocyte system (MPS of BALB/c mice were studied. P. yoelii caused a greater and more sustained expansion and activation of the MPS, and the two major populations of spleen phagocytic cells-red pulp and marginal zone macrophages - exhibited a greater increase in numbers in this infection. During the course of P. berghei mataria, the spleen was progressively occupied by haematopoietic tissue and, at the terminal stage of infection, an extensive depletion of lymphocytes and macrophages was apparent. The possibility was suggested that the outcome of mataria may be inftuenced by the particular way the parasite interacts with the MPS.Estudou-se o efeito da infecção causada por espécie letal (Plasmodium berghei e não- letal (P. yoelii de plasmódio sobre o sistema de fagócitos mononucleares de camundongo BALB/c. O P. yoelii causou maior e mais prolongada expansão e ativação do sistema de macrófagos. As duas mais importantes populações de fagócitos esplênicos - macrófagos de polpa vermelha e da zona marginal - exibiam maior aumento do número de células nesta infecção. Durante a evolução da malária por P. berghei, o baço foi progressivamente ocupado por tecido hematopoiético e, na fase terminal da infecção, observou-se significativa depleção dos linfócitos e macrófagos esplênicos. Os dados apresentados indicam que a evolução da malária depende do tipo de interação entre o plasmódio e o sistema de fagócitos mononucleares.

  7. A toxic cyanobacterial bloom in an urban coastal lake, Rio Grande do Sul state, Southern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Retz de Carvalho

    2008-12-01

    Full Text Available Reports of cyanobacterial blooms developing worldwide have considerably increased, and, in most cases, the predominant toxins are microcystins. The present study reports a cyanobacterial bloom in Lake Violão, Torres, Rio Grande do Sul State, in January 2005. Samples collected on January 13, 2005, were submitted to taxonomical, toxicological, and chemical studies. The taxonomical analysis showed many different species of cyanobacteria, and that Microcystis protocystis and Sphaerocavum cf. brasiliense were dominant. Besides these, Microcystis panniformis, Anabaena oumiana,Cylindrospermopsis raciborskii, and Anabaenopsis elenkinii f. circularis were also present. The toxicity of the bloom was confirmed through intraperitoneal tests in mice, and chemical analyses of bloom extracts showed that the major substance was anabaenopeptin F, followed by anabaenopeptin B, microcystin-LR, and microcystin-RR.O número de relatos de ocorrências de florações de cianobactérias em todo o mundo vem aumentando consideravelmente e na maioria desses episódios, as toxinas dominantes são as microcistinas. O presente estudo relata a ocorrência de floração na Lagoa do Violão, município de Torres, RS, em janeiro de 2005. As amostras coletadas em 13/01/2005 foram submetidas a estudos taxonômicos, toxicológicos e químicos. O exame microscópico do fitoplancton mostrou a dominância das espécies Microcystis protocystis e Sphaerocavum cf. brasiliense; foram observadas, também, Microcystis panniformis, Anabaena oumiana,Cylindrospermopsis raciborskii e Anabaenopsis elenkinii f. circularis. A toxicidade da floração foi confirmada através de ensaio intraperitonial em camundongos e a análise química de extratos obtidos da biomassa liofilizada mostrou que a substância majoritária era a anabaenopeptina F, seguida por anabaenopeptina B, microcistina-LR e microcistina-RR.

  8. Efeito antioxidante da buspirona no modelo de epilepsia induzida por pilocarpina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paula Benvindo Ferreira

    2012-01-01

    Full Text Available CONTEXTO: Crises epilépticas induzidas por pilocarpina podem produzir alterações histopatológicas em muitas regiões cerebrais como consequência da produção excessiva de radicais livres. OBJETIVO: O objetivo do presente estudo foi avaliar o efeito antioxidante da buspirona no modelo de epilepsia induzida por pilocarpina. MATERIAL E MÉTODOS: Quarenta e oito animais foram divididos em quatro grupos. O primeiro grupo foi tratado com solução salina 0,9% (Controle. O segundo grupo foi tratado com pilocarpina 400 mg/kg (P400. Por sua vez, o terceiro grupo foi tratado com buspirona 5 mg/kg (BUSP durante 14 dias consecutivos. Já os animais do quarto grupo foram tratados com buspirona durante 14 dias consecutivos, e, 30 minutos após a última administração dela, os camundongos receberam P400 (BUSP + P400. RESULTADOS: Durante o período do tratamento não se observaram sinais de toxicidade e nenhuma morte entre os animais tratados com buspirona. Em nosso estudo o grupo tratado com P400 demonstrou um aumento significativo da produção de nitrito e nos níveis de peroxidação lipídica após as crises epilépticas. Por outro lado, no hipocampo dos animais que receberam o pré-tratamento com buspirona e após 30 minutos receberam P400, foi observada redução significativa nos níveis de peroxidação lipídica (65% e nitrito (85%, bem como aumento na atividade da enzima superóxido dismutase. CONCLUSÃO: O pré-tratamento com BUSP aumentou a latência para primeira crise epiléptica e diminuiu a taxa de mortalidade e o número de animais que apresentaram crise epiléptica e que progridem para o estado de mal epiléptico. Além disso, apresentou efeitos anticonvulsivantes associados com a redução do estresse oxidativo hipocampal no modelo de epilepsia induzida por pilocarpina.

  9. Infection by Trypanosoma cruzi in mammals in Yucatan, Mexico: a serological and parasitological study Infecção pelo Trypanosoma cruzi em mamíferos em Yucatan, México: estudo sorológico e parasitológico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J Zavala-Velázquez

    1996-08-01

    Full Text Available In order to determine Trypanosoma cruzi infection among mammals in Yucatan, Mexico, 372 animals, both wild and synanthropic including carnivores, marsupials and rodents were studied. Serological studies by indirect haemagglutination (IHA were carried out to detect antibodies to T. cruzi and a parasitological study was also performed (blood smear and histopathology. Of all the animals tested 18.54% were serologically positive, with a significantly higher frequency among the wild ones (33.33% compared to the synanthropic ones (17.79%. To determine T. cruzi in positive animals, blood was inoculated into a white mouse (webster type to prove myocardium colonization. The serological and parasitological positivity of these animals, as well as their behavior in the environment, taken together with the socioeconomic and cultural characteristics of the population, suggest that in Yucatan, Mexico, Canis familiaris, Didelphis marsupialis and Rattus rattus act as a link with the wild cycle.Para determinar a infecção pelo Trypanosoma cruzi em mamíferos em Yucatan, México, foram estudados 372 animais selvagens e sinantrópicos incluindo carnívoros, marsupiais e roedores. Estudos sorológicos pela hemaglutinação indireta (IHA foram realizados para detectar anticorpos contra o T. cruzi e estudos parasitológicos (esfregaços de sangue e histopatologia. De todos os animais testados 18,54% foram sorologicamente positivos com freqüência significativamente maior entre os silvestres (33,3% em comparação com os sinantrópicos (11,79%. Para determinação do T. cruzi nos animais positivos, o sangue foi inoculado em camundongos brancos (tipo Webster para provar a colonização miocárdica. Através da sua positividade sorológica e parasitológica, bem como seu comportamento no meio ambiente acompanhado pelas características sociais, econômicas e culturais da população, deduz-se que em Yucatan, México, Canis familiaris, Didelphis marsupialis e Rattus

  10. Hemodinâmica glomerular renal no roedor Calomys callosus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mirian A. Boim

    1989-03-01

    Full Text Available A função renal do roedor Calomys callosus, envolvido no ciclo de transmissão de diversos agentes patogênicos para o homem foi avaliada no animal intacto, através da técnica de depuração e micropunção renal. Os resultados mostraram que este roedor apresenta níveis pressóricos, hematócrito e proteinas plasmáticas semelhantes aos dos ratos submetidos ao mesmo procedimento experimental. Os pesos corporal e renal, bem como a filtração glomerular global e por nefro assemelham-se aos do camundongo. Surpreendentemente estes roedores apresentaram significante número de glomérulos superficiais por rim, permitindo a avaliação da hemodinàmica glomerular. Apesar da pressão arterial semelhante à dos ratos Munich-Wistar (MW, a pressão hidráulica intraglomerular no Calomys callosus foi inferior. Esta redução foi conseqüente à menor resistência pós-glomerular quando comparada à dos ratos MW. O fluxo plasmático glomerular atingiu valor bastante elevado em relação à filtração glomerular por nefro, fato que não só compensaria a reduzida pressão intraglomerular, como também seria suficiente para elevar a filtração (por g/rim a níveis superiores neste roedor, pois o coeficiente de ultrafiltração glomerular (Kj foi semelhante ao do rato MW. O presente trabalho sugere que apesar das dificuldades técnicas que este animal impõe devido ao seu reduzido tamanho, o estudo da função renal global bem como da hemodinàmica glomerular é factível, podendo portanto ser utilizado como modelo para estudo da função renal em doenças tropicais.

  11. Schistosoma mansoni: the effect of dexamethasone on the cercaria-schistosomulum transformation, in vivo Schistosoma mansoni: o efeito da dexametasona na transformação da cercaria em esquistossômulo, in vivo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alan Laue de Melo

    1994-02-01

    Full Text Available Treatment with dexamethasone (DMS in the early phases of the experimental Schistosoma mansoni infection causes an indirect effect on the cercaria-schistosomulum transformation process. This is observed when naive albino mice are treated with that drug (50 mg/Kg, subcutaneously and infected intraperitonealy 01 hour later with about 500 S. mansoni cercariae (LE strain. An inhibition in the host cell adhesion to the larvae, with a simultaneous delay in the cercaria-schistosomulum transformation, is observed. This effect is probably due to a blockade of the neutrophil migration to the peritoneal cavity of mice, by an impairment of the release of chemotactic substances. Such delay probably favors the killing of S. mansoni larvae, still in the transformation process, by the vertebrate host defenses, as the complement system.O tratamento com dexametasona (DMS nas fases iniciais da infecção experimental com S. mansoni leva a um efeito indireto sobre o processo de transformação da cercária em esquistossômulo, quando camundongos isentos de infecção são tratados com esta droga (50 mg/ kg, subcutâneamente e, 01 hora depois, são infectados intraperitonealmente com cerca de 500 cercárias de S. mansoni (cepa LE. Foi observada uma significativa redução na adesão de células do hospedeiro às larvas, com um atraso simultâneo no processo de transformação das cercárias em esquistossômulos. Este efeito é, provavelmente, devido a um bloqueio inespecifícico da migração neutrofilica para a cavidade peritoneal, através de um bloqueio da liberação de substâncias quimio-táticas. Tal atraso pode permitir a morte das larvas de S. mansoni (ainda em processo de transformação pelas defesas do hospedeiro vertebrado, como o sistema do complemento.

  12. Ciclo Vital de Schistosoma mansoni através do Holochilus brasiliensis (Desmarest, 1818 em ambiente semi-natural (Trematoda, Shistosomatidae; Rodentia, Cricetidae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Omar dos Santos Carvalho

    1976-10-01

    Full Text Available Junto ao Lago da Pampulha, Belo Horizonte, MG, foram capturados (julho/72-novembro/73 28 exemplares de Holochilus brasiliensis, dos quais 11 (39,3% eliminavam nas fezes ovos viáveis de S. mansoni. Miracídios da cepa mencionada ("H" infectaram Biomphalaria glabrata e as cercárias obtidas também infectaram camundongos albinos, recuperando-se, ao final do experimento, 35,3% de vermes adultos. Por outro lado, cercárias de cepa humana ("LE" de S. mansoni infectaram sete exemplares de H. brasiliensis, nascidos em laboratório, recuperando-se no fim de 60 dias, 30,5% de vermes adultos. Estudos anatomapatológicos de H. brasiliensis demonstraram infecção generalizada, encontrando-se granuloma no esôfago, estômago, intestino (delgado e grosso, fígado, baço, pâncreas e linfonodos abdominais. Espessamentos fibrosos da íntima da veia porta, granulomas em espaços porta e fibrose incipiente dos espaços porta e interlobular foram lesões decorrentes da presença de ovos de S. mansoni encontrados no fígado. Em ambiente semi-natural, foi possível fechar o ciclo do S. mansoni sem direta participação humana, utilizando-se B. glabrata experimentalmente infectadas com trematódeos da cepa "LE", H. brasiliensis nascidos em laboratório e B. glabrata nascida no ambiente semi-natural estabelecido. Verificou-se que ambas as cepas ("H" e "LE" comportaram-se de maneira análoga, não sendo verificadas, também, diferenças morfológicas entre os ovos e vermes adultos de ambas. As observações, realizadas no campo e no laboratório demonstraram que o Holochilus brasiliensis é bom hospedeiro de Schistosoma mansoni. Assim, em determinadas áreas e sob certas condições ecológicas, o cricetídeo em questão poderá, efetivamente, integrar-se ao ciclo do trematódeo na natureza, independente ou paralelamente à presença do homem. Assinala-se, finalmente, que o presente trabalho relata o segundo fechamento do ciclo biológico de S. mansoni em condi

  13. O polissacarídeo do Anacardium occidentale L. na fase inflamatória do processo cicatricial de lesões cutâneas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Schirato Giuliana Viegas

    2006-01-01

    Full Text Available O efeito do polissacarídeo de Anacardium occidentale L. (POLICAJU foi avaliado na fase inflamatória do processo cicatricial em camundongos (Mus musculus Swiss (n=90, organizados de acordo com o tratamento empregado: Grupo I (NaCl 150mM, Grupo II (ácido ascórbico 75mg ml-1 e Grupo III (emulsão contendo POLICAJU 150mg ml-1 preparado em ácido ascórbico 75mg ml-1. As lesões cutâneas foram realizadas assepticamente na região torácica dorsal e cada ferida foi tratada em dose única (200ml imediatamente após a cirurgia. As feridas foram avaliadas diariamente sob o ponto de vista clínico e histopatológico até o 6degrees dia de pós-operatório (PO. No 5degrees dia PO, observou-se um menor percentual de edema e hiperemia no Grupo III em relação aos grupos controle, ao passo que os valores de área da ferida e do percentual de contração não foram estatisticamente significativos. A avaliação histopatológica do grupo tratado com POLICAJU demonstrou a presença de tecido de granulação fibrovascular no 6degrees dia PO, enquanto os grupos controle apresentavam tecido de granulação com padrão vascular. O tratamento proposto propiciou sinais flogísticos menos acentuados (edema e hiperemia durante o período inflamatório, compatível com o processo de reparação mais avançado do ponto de vista histopatológico, sugerindo a possível utilização clínica da emulsão contendo POLICAJU.

  14. Experimental pulmonary schistosomiasis: lack of morphological evidence of modulation in schistosomal pulmonary granulomas Esquistossomose pulmonar experimental: falta de evidência morfológica de modulação nos granulomas esquistosomóticos pulmonares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maura R. F. Souza Vidal

    1993-10-01

    Full Text Available Numerous pulmonary schistosome egg granulomas were present in mice submitted to partial portal vein ligation (Warren's model. The granulomas were characterized by cellular aggregations formed within alveolar tissue. Main cellular types were macrophages (epithelioid cells, eosinophils, plasma cells and lymphocytes. These cells were supported by scanty fibrous stroma and exhibited close membrane contact points amongst themselves, but without forming specialized adhesion apparatus. When granulomas involved arterial structures, proliferation of cndothelial and smooth muscle cells occurred and fibrosis associated with angiogenesis became more evident. Granulomas formed around mature eggs in the pulmonary alveolar tissue presented approximately the same size and morphology regardless of the time of infection, the latter being 10, 18 and 25 weeks after cercarial exposure. This persistence of morphological appearance suggests that pulmonary granulomas do not undergo immunological modulation, as is the case with the granulomas in the liver and, to a lesser extent, in the intestines. Probably, besides general immunological factors, local (stromal factors play an important role in schistosomal granuloma modulation.Em camundongos submetidos à ligadura parcial da veia porta e infecção pelo Schistosoma mansoni, os granulomas periovulares apareceram em grande número nos pulmões, comprovando a validade do modelo de Warren. Histologicamente os granulomas eram representados por agregados celulares compactos no seio de escasso estroma. Os macrófagos (células epitelióides e eosinófilos eram os elementos celulares predominantes, vindo em seguida os linfóticos e plasmócitos. Ultraestruturalmenle, as células do granuloma exibiam íntimo contacto de suas membranas, com varios pontos de adesão, mas sem formar estruturas juncionais mais específicas. Os granulomas formados em torno a ovos maduros tinham tamanho, forma e composição celular similares ap

  15. Enterotoxemia em caprinos no Rio Grande do Sul Caprine enterotoxaemia in Rio Grande do Sul, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edson M. Colodel

    2003-12-01

    Full Text Available São descritos surtos de enterotoxemia em caprinos em cinco propriedades no Estado do Rio Grande do Sul. Os animais afetados eram, normalmente, encontrados mortos ou apresentavam evolução aguda de 2 a 3 horas com acentuada depressão, cólicas abdominais e diarréia profusa com fibrina. Em duas propriedades relataram-se casos com a evolução de até 12 horas. Em treze animais necropsiados observaram-se aumento de líquidos nas cavidades abdominal, torácica e pericárdica, congestão e hiperemia da serosa e mucosa do intestino, conteúdo do cólon líquido com fibrina além de hemorragias de serosa e fibrina. Em um animal constatou-se microangiopatia cerebral caracterizada por acúmulo de material homogêneo e eosinofílico no espaço perivascular. No conteúdo intestinal, colônias com bastonetes morfológica e bioquimicamente sugestivos de Clostridium perfringens foram caracterizadas no estudo bacteriológico. A soroneutralização em camundongos com conteúdo intestinal dos animais afetados, revelou a presença da toxina épsilon. Estes achados evidenciam a enterotoxemia como doença de importância para criação de caprinos no Rio Grande do Sul.Five outbreaks of caprine enterotoxaemia in Rio Grande do Sul, Brazil, were studied. The animals were found dead or had a clinical course that usually lasted 2-3 hours. From two farms a clinical manifestation period of 12 hours was reported. Clinical signs were characterized by depression, marked abdominal discomfort, profuse watery diarrhea with fibrin clots, and death. Thirteen necropsies were performed and hydropericardium, hydrothorax and hydroperitoneum were commonly found. The mucosa and serosa of the colon were congested, and its contents was watery with multiple fibrin clots. Serosal hemorrhages and fibrin clots in the gallbladder were also seen. Fibrinous colitis and thyphilitis were the most frequent histological changes. Cerebral microangiopathy was observed in one case, which was

  16. Angiostrongilose abdominal: profilaxia pela destruição das larvas infectantes em alimentos tratados com sal, vinagre ou hipoclorito de sódio

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Graziela Maria Zaniní

    1995-12-01

    Full Text Available A infecção acidental humana pelo Angiostrongylus costaricensis ocorre com elevada prevalência em certas áreas do Brasil meridional, eventualmente se manifestando como doença abdominal severa. Profilaxia é importante, pois não hã tratamento medicamentoso. Um dos modos de transmissão é a ingestão de frutas e vegetais contaminados com a mucosidade de moluscos infectados, os hospedeiros intermediários deste parasita. Larvas de terceiro estágio obtidas do ciclo mantido em laboratório foram incubadas a 5°C por 12 horas, em vinagre, solução saturada de cloreto de sódio e hipocloríto de sódio a 1,5%. A viabilidade das lamas tratadas foi testada através da inoculação em camundongos albinos. Os percentuais de larvas que estabeleceram infecção foram: 0% com hipocloríto de sódio, 1,8% com salmora e 2,4% com vinagre. Em conclusão, todas as substâncias - de baixo custo e disponíveis nas áreas endêmicas - reduziram à população de lamas viáveis e podem ser úteis na descontaminação de alimentos para profilaxia da angiostrongilose abdominal.There is a high prevalence of accidental human infection with Angiostrongylus costaricensis in some areas in southern Brazil and sometimes it presents as severe intestinal disease. Prophylaxis is important since there is no medical treatment for the disease. The ingestion of fruits and vegetables contaminated with the mucous secretion of infected molluscs (the intermediate hosts is one of the proposed modes of transmission. Third stage lamae were incubated at 5°C for 12 hours, in solutions of saturated sodium chloride, vinegar and sodium hypochlorite 1.5%. The larvae had their viability tested through inoculation into albino mice. The percentage of larvae that established infection were 0% in the group treated with sodium hypochloride, 1.8% with NaCl and 2.4% with vinegar. In conclusion, all substances tested reduced the population of viable larvae and may be useful in food

  17. Proliferation and cell death in an experimental model of brain tissue heterotopia in the lung Proliferação e morte celular na heterotopia encefálica experimental

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Roberto Veiga Quemelo

    2010-08-01

    Full Text Available PURPOSE: To investigate the proliferation and neuronal death in brain tissue heterotopia in the lung in an experimental model during both fetal and neonatal periods. METHODS: Twenty four pregnant female Swiss mice were used to induce brain tissue heterotopia on the 15th gestational day. Briefly, the brain of one fetus of each dam was extracted, disaggregated and injected into the right hemithorax of siblings. Six of these fetuses with pulmonary brain tissue implantation (PBI were collected on the 18th gestational day (group E18 and six other on the 8th postnatal day (group P8. Immunohistochemical staining for PCNA and Bcl2 were used to assess proliferation and cell death. RESULTS: PCNA Labelling Index (LI in heterotopic brain tissue was greater in fetal than postnatal period (E18 > P8 (pOBJETIVO: Investigar a proliferação e morte neuronal na heterotopia encefálica pulmonar em modelo experimental durante o período fetal e neonatal. MÉTODOS: Foram utilizados 24 camundongos Swiss fêmeas prenhes para induzir a heterotopia encefálica no pulmão. O tecido encefálico de um feto de cada fêmea prenha foi removido, picotado e injetado no pulmão dos irmãos. Seis fetos com Implantação Encefálica Pulmonar (IEP foram coletados no 18º dia gestacional (grupo E18 e seis outros fetos no 8º dia pós-natal (grupo P8. Foi realizada a reação Imuno-histoquímica para PCNA e Bcl2 para analisar a proliferação e morte celular. RESULTADOS: O índice de marcação (IM para PCNA era maior no período fetal quando comparado com o período pós-natal (E8 > P18 (p<0,05 e a imunomarcação para o anticorpo Bcl2 não apresentou diferença. CONCLUSÃO: A proliferação celular foi mantida no tecido heterotópico encefálico, embora a apoptose também foi observada.

  18. Estudos sobre a toxicologia da ε-caprolactama

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcus Vinicius Justo Bomfim

    2009-03-01

    Full Text Available A ε-caprolactama (CAP é um monômero precursor de polímeros denominados nylon 6. Esses polímeros destinam-se à produção de tapetes, vestuário e materiais plásticos tais como equipamentos, sistemas e componentes automotivos, conectores, além de embalagens plásticas. Resíduos de CAP podem migrar de embalagens plásticas de nylon 6 para os alimentos. Diante disso, foi de interesse realizar uma revisão dos efeitos relativos à exposição à CAP e o seu impacto sobre a saúde humana. Estudos epidemiológicos indicam a possibilidade da CAP causar inflamações oculares e cutâneas, além de irritações no sistema respiratório. Pode ocorrer ainda hipotensão, taquicardia, palpitações, rinorréia, ressecamento nasal, efeitos geniturinários e sobre a reprodução como distúrbios nas funções menstrual e ovariana, e complicações no parto; além de problemas neurológicos e hematológicos. Estudos com animais são consistentes com tais relatos. Os estudos de genotoxicidade in vitro e in vivo por via oral e intraperitoneal mostram em sua grande maioria, resultados negativos, bem como ausência de efeitos carcinogênicos em ratos e camundongos e sobre o desenvolvimento e reprodução em ratos e coelhos.ε -Caprolactam (CAP is a precursor monomer of nylon 6 polymers. Nylon 6 is used in the manufacture of carpets, clothes and plastic materials, such as equipment, systems and automotive components, connectors and plastic packaging. CAP residues can migrate from nylon 6 plastic packaging to foods. Given this fact, this review was realized concerning the effects of CAP exposure and its impact on human health. Epidemiological studies indicate that CAP could cause ocular, cutaneous and respiratory irritations, as well as hypotension, tachycardia, palpitations, rhinorrhea, nose dryness, neurological and blood problems, and genitourinary and reproductive effects, such as alterations in ovarian-menstrual functions and pregnancy

  19. Estudo toxicológico pré-clínico (agudo do extrato do Syzygium aromaticum (L em roedores

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rômulo O. H. Valente

    Full Text Available O objetivo desta pesquisa foi estimar a toxicidade aguda do extrato do cravo-da-índia (Syzygium aromaticum Linné em roedores. O extrato hidro-alcoólico a 80% foi concentrado em evaporador rotativo obtendo-se uma mistura final de extrato pilular. Camundongos albinos (Mus musculus fêmeas, divididos em 13 lotes de seis animais foram observados por 24 horas a partir da administração do extrato diluído em solução fisiológica a 0,9% nas dosagens de 137,5; 180; 187,5; 250; 375; 437,5; 500 e 1.000 mg/kg para via intraperitoneal e 1.000; 2.400; 2.880; 4.000 e 5.000 mg/kg para via oral. O cálculo proporcional foi realizado a fim de se obter a mesma dose para todos os animais de cada grupo. As punções foram por via intraperitoneal sendo respeitados intervalos de cinco minutos entre as administrações individuais. Nos ensaios de toxicidade por via oral a solução foi introduzida no trato digestório dos animais através de cânula metálica acoplada a seringa (gavagem. Os animais apresentaram alguns sinais de toxicidade, porém não letais até a dose de 5.000 mg/kg. A DL50 para via intraperitoneal foi calculada pelo método de Karber e Behrens (1964, sendo estabelecida em 255 mg/kg (muito tóxico, grau 4. Conclui-se que sob condições agudas de exposição, o extrato do cravo-da-índia é um agente tóxico, devendo ser considerado como tal, dependendo da dose administrada ou absorvida, tempo e freqüência de exposição e vias de administração.

  20. Efeito analgésico e anti-inflamatório do extrato aquoso das folhas de trevo-roxo (Scutellaria agrestis A. St.-Hil. ex Benth. - Lamiaceae em roedores

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.B. Oliveira

    2014-06-01

    Full Text Available Scutellaria agrestis é utilizada por comunidades ribeirinhas do Amazonas principalmente para o tratamento de otites por via tópica utilizando-se o extrato bruto obtido por maceração. O presente trabalho visou investigar preliminarmente o perfil fitoquímico, a segurança toxicológica e as ações analgésica, anti-inflamatória e antiedematogência do extrato aquoso das folhas de S. agrestis. Foram coletados 80 indivíduos da espécie no horto medicinal da Universidade Nilton Lins, Manaus, Brasil. O perfil fitoquímico foi obtido por meio de prospecção da droga vegetal para heterosídeos cianogênicos, terpenos, compostos fenólicos e alcaloides. A toxicologia foi avaliada pelo teste de toxicidade aguda. As atividades analgésicas/ anti-inflamatórias foram analisadas por meio dos testes de formalina em camundongos e a atividade antiedematogência, pelo teste de edema de pata em ratos. Os metabólitos detectados foram fenóis (taninos hidrolisáveis, cumarinas e várias classes de flavonoides e terpenos (esteroides livres, saponinas. Não foi possível estabelecer DL50, haja visto que o extrato não provocou a morte de nenhum animal durante o teste de toxicidade aguda, provavelmente devido à ausência de heterosídeos cianogênicos na sua composição. Apesar de não provocar morte, considerou-se que o extrato apresenta uma discreta toxicidade, uma vez que foi observada a ocorrência de espasmos na primeira hora de observação dos animais. O extrato apresentou ainda efeito analgésico e anti-inflamatório significativo nas doses de 30, 100 e 300 mg/kg pelo teste da formalina, sendo o resultado na maior dose equivalente ao obtido com a droga padrão (fentanil. No entanto, não observamos efeito antiedematogênico nas doses testadas durante as 5 horas de registro do edema de pata. Os resultados obtidos nesta pesquisa conferem base científica preliminar quanto à segurança e ao efeito analgésico e antiinflamatório da droga vegetal, o

  1. Avaliação terapêutica do artesunato na infecção experimental pelo Schistosoma mansoni Therapeutical evaluation of the artesunate in experimental Schistosoma mansoni infection

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Neusa Araújo

    1999-02-01

    Full Text Available Camundongos infectados experimentalmente com Schistosoma mansoni foram tratados, em dose oral única, com artesunato (LACTAB®, 300 ou 500mg/kg ou durante cinco dias consecutivos. Os animais foram sacrificados 7, 30, 60 ou 90 dias após o tratamento. Diferenças estatisticamente significativas foram encontradas na distribuição e mortalidade dos vermes e na alteração do oograma nos grupos tratados quando comparados ao controle, em todos os esquemas testados quando os animais foram sacrificados 30 dias após o tratamento. A análise morfológica dos vermes mostrou alterações no aparelho reprodutor feminino com diminuição do volume ovariano, rarefação dos folículos vitelínicos, alterações estas mais acentuadas nas dosagens mais altas, justificando o encontro na alteração do oograma que chegou a 100%. Entretanto, quando os animais foram sacrificados 60 ou 90 dias após o tratamento, as diferenças e alterações foram menores, mostrando que os vermes sobreviventes se recuperaram e reiniciaram a postura.Mice experimentally infected with Schistosoma mansoni were treated orally with artesunate (Lactab® in a single dose of 300 or 500mg/kg or over a period of five consecutive days. The animals were sacrificed 7, 30, 60 or 90 days after treatment. Statistically significant differences were found in the distribution and mortality of the worms and in the alterations of the oogram in the treated group when compared to control in all of the tested schemes when the animals were sacrificed 30 days after treatment. Morphological analysis of female worms showed a reduction of ovarian volume and rarefaction of the vitelline follicles. These modifications were more marked after treatment with the higher dose, explaining the alteration of the oogram which reached 100%. However, when the animals were sacrificed 60 or 90 days after treatment, the differences and alterations were smaller, showing that the surviving worms recovered and restarted

  2. Schistosoma mansoni: ação da lovastatina no modelo murino

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Araújo Neusa

    2002-01-01

    Full Text Available Com o objetivo de avaliar a ação da lovastatina na postura do Schistosoma mansoni foram usados camundongos infectados com 100 ±10 cercárias da cepa LE. Trinta dias após a infecção, os animais foram tratados com 100, 200 e 400mg/kg de lovastatina, via oral, durante cinco dias consecutivos e sacrificados 7,15,30 ou 60 dias após o tratamento. Foram analisados: distribuição de vermes no mesentério e fígado, mortalidade de vermes no fígado, alteração do oograma, contagem de ovos no jejuno e fígado, presença de ovos intra-uterino e morfologia dos vermes dos grupos tratados e controle (animais infectados e não tratados. Diferenças estatisticamente significativas foram encontradas, na dose de 400mg/kg, entre grupos tratados e controles quando se considerou a presença de ovos no útero, a alteração do oograma, ovos nos diferentes estágios de desenvolvimento no jejuno e fígado e no comprimento do corpo dos vermes machos e fêmeas. O estudo morfológico dos vermes mostrou alterações degenerativas sendo as principais no aparelho reprodutor, com redução e alteração dos folículos vitelínicos e do ovário das fêmeas e modificações nos testículos dos machos. Os resultados apresentados levam à conclusão que a droga em estudo reduz, consideravelmente, a oviposição das fêmeas do S. mansoni, aumenta o tamanho dos vermes, provoca alterações no sistema reprodutivo de machos e fêmeas e pode ocasionar morte de parte significativa da população de vermes na dose de 400mg/kg.

  3. Response of osteoblastic cells to titanium submitted to three different surface treatments Resposta de células osteoblásticas ao titânio submetido a três diferentes tratamentos de superfície

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Soares Santiago

    2005-09-01

    Full Text Available In the complex process of bone formation at the implant-tissue interface, surface properties are relevant factors modulating osteoblastic function. In this study, commercially pure titanium (cp Ti samples were prepared with different surface characteristics using chemical attack with a sulfuric acid/hydrochloric acid based solution (treatment A; chemical attack plus anodic oxidation using phosphoric acid (treatment B; and chemical attack plus thermal oxidation followed by immersion in a sodium fluoride solution (treatment C. The samples were characterized by scanning electron microscopy (SEM, contact profilometry and contact angle. The biological performance of the prepared surfaces was evaluated using mice osteoblastic cell cultures for up to 21 days. Cells seeded on the different titanium samples showed similar behavior during cell attachment and spreading. However, cellular proliferation and differentiation were higher for samples submitted to treatments A and C (p No complexo processo de formação óssea na interface implante-osso, as propriedades de superfície são um importante fator modulador da função osteoblástica. No presente estudo, foram preparadas amostras de titânio comercialmente puro (cp Ti com diferentes propriedades de superfície por meio de ataque químico com solução à base de ácido sulfúrico/clorídrico (tratamento A; ataque químico seguido de oxidação anódica com ácido fosfórico (tratamento B; e ataque químico seguido de oxidação térmica e imersão em fluoreto de sódio (tratamento C. As chapas foram caracterizadas por meio de microscopia eletrônica de varredura (MEV, perfilometria e ângulo de contato. O comportamento de células osteoblásticas de camundongo foi acompanhado por três semanas. As células cultivadas sobre os diferentes substratos de titânio apresentaram um modelo de comportamento similar durante as etapas de adesão e espalhamento. No entanto, a proliferação e a diferencia

  4. Histological changes caused by experimental Riedeliella graciliflora (Leg. Papilionoideae poisoning in cattle and laboratory animals Alterações histológicas na intoxicação experimental por Riedeliella graciliflora (Leg. Papilionoideae em bovinos e animais de laboratório

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Franklin Riet-Correa

    2001-03-01

    Full Text Available Tissues from cattle, mice, rats and guinea pigs experimentally intoxicated by Riedeliella graciliflora were studied histologically. Cattle lymph nodes, spleen, Peyer patches and peribronchial lymphoid tissues had diffuse necrosis of lymphocytes, mainly in the germinal centers of the follicles. This lesion was less severe in laboratory animals. All species had severe enteritis with infiltration of the lamina propria by mononuclear cells. Some cells in this infiltrate were necrotic. Degeneration and necrosis of the epithelial cells, mainly in the tip of the villi, and detachment of the epithelial lining from the lamina propria were also observed. In the liver the trabecular structure was disrupted and the hepatocytes had some degree of individual necrosis and degeneration. A tubular nephrosis was observed in the kidneys. Liver, lung, kidney, intestine and lymph nodes had different degrees of congestion. Those lesions are similar than those caused by Polygala klotzschii, a plant that contains 5-metoxi-podophyllotoxin.Foi realizado um estudo histológico de bovinos, camundongos, ratos e coelhos intoxicados experimentalmente por Riedeliella graciliflora. Em bovinos os gânglios linfáticos, baço, placas de Peyer e tecido peribronquial apresentavam necrose do tecido linfático, afetando, principalmente, os centros germinativos dos folículos. Esta lesão foi menos severa em animais de laboratório. Em todas as espécies havia severa enterite e infiltração da lâmina propria do intestino por células mononucleares. Algumas destas células estavam necróticas. Degeneração e necrose do epitélio, principalmente na superfície das vilosidades, e descamação das células epiteliais foram, também, observadas. No fígado havia desorganização da estrutura trabecular e alguns hepatócitos apresentavam-se degenerados ou necróticos. Os rins apresentavam nefrose tubular. Diferentes graus de congestão foram observados no fígado, pulmão, rins

  5. Tétano em bovinos no sul do Rio Grande do Sul: estudo de 24 surtos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro S. Quevedo

    2011-12-01

    Full Text Available São descritos vinte e quatro surtos de tétano ocorridos no ano 2009 em bovinos de corte em propriedades situadas na região de influência do Laboratório Regional de Diagnóstico (LRD, sul do Rio Grande de Sul. Todos os rebanhos foram submetidos a procedimentos de vacinação e/ou aplicação de anti-helmíntico entre 8 e 25 dias antes do aparecimento dos primeiros sinais clínicos. O tempo de evolução variou de 12 horas até quatro dias. Os sinais clínicos observados foram: prolapso da terceira pálpebra, andar rígido, dificuldade de flexão dos membros e permanência em decúbito lateral com os membros estendidos e afastados do solo (paralisia espástica, pálpebras muito abertas, sialorréia, hiperexcitabilidade, orelhas eretas, trismo mandibular, acúmulo de alimento na cavidade oral e presença de espuma na boca e narinas em alguns casos. Alguns bovinos apresentavam área de necrose e edema hemorrágico circundada por exsudato purulento nos músculos onde havia sido aplicado algum medicamento. O soro sanguíneo e fragmentos de músculo com lesão de animais afetados foram coletados para posterior inoculação em camundongos. No exame histopatológico não foram evidenciadas alterações. O quadro clínico associado aos dados epidemiológicos e a ausência de lesões histológicas permitiram o diagnóstico de tétano. A infecção, provavelmente ocorreu durante o procedimento de vacinação, através injeções intramusculares utilizando agulhas contaminadas. Apesar do tétano não ser uma clostridiose importante na região fica evidenciado que surtos podem ocorrer em função de condições epidemiológicas adequadas e cuidados devem ser tomados para evitar perdas econômicas importantes como as que ocorreram no ano 2009 na região.

  6. Comportamento imunológico e antigênico de cinco amostras de Toxoplasma gondii inoculadas em gatos Immunogenic and antigenic aspects from five Toxoplasma gondii strains inoculated in cats

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Italmar Teodorico Navarro

    1998-09-01

    Full Text Available A biologia do Toxoplasma gondii demonstra que o gato é o hospedeiro completo, responsável pela disseminação do parasito. Assim, dois gatos domésticos foram imunizados com cada uma das amostras, VPS (humano, LIV-IV e LIV-V (suíno, CPL (caprino e CN (felino de T. gondii. Foram utilizados taquizoítas vivos em inóculos endovenosos de 2x10(6 (1° inóculo} e 4x10(7 (2° inóculo - 35 dias após, exceto a amostra VPS, onde 1 gato morreu no 10° dia com sinais clínicos agudos da doença, nas outras amostras, nenhum sinal clínico foi constatado durante os 6 meses de observação. O nível de anticorpos na imunização foi acompanhado através da reação de imunofluorescência indireta (IFI com conjugado anti-IgG de felino. Os títulos de anticorpos obtidos no 20° dia variaram de 1:1.024 a 1:4.096 e de 1:1.024 a 1:8.000 no 40° dia. Somente a amostra VPS expressou títulos de 1:16.000 no 30° dia da imunização. Títulos homólogos e heterólogos foram equivalentes sem nenhuma diferença entre as amostras. Quando soros imunes foram adsorvidos com taquizoítas vivos de cada amostra, a redução nos títulos de anticorpos foi demonstrada em ambos homólogos e heterólogos. Esses resultados sugerem que, embora diferente em virulência para gatos, a superfície antigênica é comum entre as amostras do T. gondii, com base no nível de anticorpo demonstrado pela IFI. Esses resultados também demonstram que, aparentemente, não há correlação entre virulência e as características sorológicas das amostras estudadas no T. gondii. Entretanto, a importância do teste IFI em diagnóstico laboratorial é reforçada.The biology of Toxoplasma gondii demonstrate that cats are the complete host responsable for the dissemination of this parasites. Two domestic cats were immunised with Toxoplasma gondii strains VPS (human, LIV-IV and LIV-V (porcine, CPL (caprine and CN (feline. Live tachyzoites were utilized in intravenous inoculation of 2x10(7 (first

  7. Análise de tratamento anti-rábico humano pós-exposição em região da Grande São Paulo, Brasil Analysis of human anti rabic post exposure treatment in an urban region of Southeastern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rita C. M. Garcia

    1999-06-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: O tratamento de seres humanos expostos ao risco de infecção pelo vírus rábico ainda pode incluir a ocorrência de reações pós-vacinais indesejáveis, tanto de ordem local como geral. A análise sistemática dos informes epidemiológicos de pacientes submetidos a este tipo de tratamento poderá oferecer subsídios para a modificação desta situação. Foram analisados os registros de tratamento dessa zoonose visando à melhoria do seu controle. MÉTODOS: Foram analisadas através do programa Epi Info as fichas de investigação epidemiológica da raiva de 8.758 habitantes do Município de Osasco, SP (Brasil, atendidos no período de 1984 a 1994. A vacina utilizada foi do tipo Fuenzalida & Palacios. RESULTADOS: Constatou-se a existência de maior risco de exposição para os indivíduos do sexo masculino, com cinco a nove anos de idade. As agressões ocorreram com maior freqüência no domicílio da vítima e os cães foram os principais responsáveis. Dos cães e gatos envolvidos, respectivamente 51,0% e 73,2% não haviam sido imunizados contra a raiva. Nos pacientes com até nove anos de idade as localizações de lesão mais freqüentes foram: cabeça (36,6% e membros superiores (35,1%; quando a faixa etária ultrapassava os nove anos as áreas mais acometidas foram membros superiores (45,8% e membros inferiores (43,7%. Dos pacientes analisados, 26,5% já haviam recebido vacinação anti-rábica anterior e 90, 7% procurou a orientação médica em até cinco dias da agressão. Para 41,9% foi prescrita unicamente a vacinação e para 0,05 ‰ a soro-vacinação. CONCLUSÕES: Houve 11,7% de abandonos a tratamentos e 51,3% foram dispensados do mesmo em função da observação animal. Dos pacientes tratados com vacina ou soro-vacinação houve 0,25% de acidentes pós-vacinais, dos quais 0,3‰ do tipo neurológico. Os meses de março, julho, agosto e setembro foram os de maior procura.INTRODUCTION: The treatment of human beings

  8. Reemergence of yellow fever: detection of transmission in the State of São Paulo, Brazil, 2008 Reemergência de febre amarela: detecção de transmissão no Estado de São Paulo, Brasil, 2008

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eduardo Stramandinoli Moreno

    2011-06-01

    TODOS: Um total de 577 amostras de humanos, 108 de macacos e 3.049 mosquitos foram analisados por um ou mais métodos: isolamento viral, ELISA-IgM, RT-PCR, histopatologia e imunohistoquímica. RESULTADOS: De 577 amostras humanas, 531 foram testadas por ELISA-IgM, sendo 3 positivas, 235 foram inoculadas em camundongos, 199 em cultura de células, obtendo-se 1 isolamento viral. Uma amostra foi positiva por histopatologia e imunohistoquímica. Por RT-PCR foram processadas 25 amostras com 4 reações positivas. Os 108 espécimes de macacos foram inoculados em camundongos, 45 em cultura de células, obtendo-se 4 isolamentos de VFA, de Alouatta caraya. Um total de 931 mosquitos foram capturados em São José do Rio Preto e 2.118 em Ribeirão Preto e separados em lotes. Um único isolamento de VFA foi derivado de um lote de 9 mosquitos Psorophora ferox, coletados em Urupês, região de Ribeirão Preto. Um inquérito sorológico foi realizado com 128 amostras dos municípios de São Carlos, Rincão e Ribeirão Preto e mais 10 amostras de contactantes de pacientes de Ribeirão Preto. Todas as amostras foram negativas por ELISA-IgM para VFA. CONCLUSÕES: Os resultados confirmam a circulação, mesmo que esporádica, do VFA no Estado de São Paulo e reforça a importância da vacinação antiamarílica nas áreas consideradas de risco.

  9. Influência do biofármaco DNA-hsp65 na lesão pulmonar induzida por bleomicina Influence of a DNA-hsp65 vaccine on bleomycin-induced lung injury

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Ignacio de Padua

    2008-11-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a influência do biofármaco DNA-hsp65 em um modelo de distúrbio fibrosante pulmonar experimental. MÉTODOS: Foram estudados 120 camundongos machos C57BL/6, divididos em quatro grupos: grupo SS, animais tratados com salina (placebo e injetados com salina intratraqueal (IT; grupo SB, tratados com salina (placebo e injetados com bleomicina IT; grupo PB, tratados com plasmídeo, sem gene bacteriano, e injetados com bleomicina IT; e grupo BB, tratados com DNA-hsp65 e injetados com bleomicina IT. A bleomicina foi injetada 15 dias após a última imunização, e os animais sacrificados seis semanas após o uso da droga IT. O pulmão esquerdo retirado foi utilizado para análise morfológica, e o pulmão direito para dosagens de hidroxiprolina. RESULTADOS: A proporção de camundongos que apresentaram morte não-programada depois de 48 h da injeção IT foi maior no grupo SB em comparação ao grupo SS (57,7% vs. 11,1%. A área percentual média de interstício septal foi maior nos grupos SB e PB (53,1 ± 8,6% e 53,6 ± 9,3%, respectivamente em comparação aos grupos SS e BB (32,9 ± 2,7% e 34,3 ± 6,1%, respectivamente. Os grupos SB, PB e BB mostraram aumentos nos valores médios da área de interstício septal corada por picrosirius em comparação ao grupo SS (SS: 2,0 ± 1,4%; SB: 8,2 ± 4,9%; PB: 7,2 ± 4,2%; e BB:6,6±4,1%.O conteúdo pulmonar de hidroxiprolina no grupo SS foi inferior ao dos demais grupos (SS: 104,9 ± 20,9 pg/pulmão; SB: 160,4 ±47,8 pg/pulmão; PB:170,0 ± 72,0 pg/pulmão; e BB: 162,5 ± 39,7 pg/pulmão. CONCLUSÕES: A imunização com o biofármaco DNA-hsp65 interferiu na deposição de matriz não-colágena em um modelo de lesão pulmonar induzida por bleomicina.OBJECTIVE: To evaluate the effects of immunization with a DNA-hsp65 vaccine in an experimental model of pulmonary fibrosis. METHODS: A total of 120 male C57BL/6 mice were distributed into four groups: SS, injected with saline (placebo and then

  10. A imunidade na febre tifoide. II. Antigenos e resposta imune nas salmoneloses sistemicas Immunity in typhoid fever. II. Antigens and immune response in systemic salmonellosis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Arlete Moreira Milhomem

    1982-12-01

    Full Text Available Os resultados dos trabalhos acumulados a partir do início do século permitem concluir que, apesar de numerosos progressos e estudos dos pontos de vista químico, imunoquímico, genético e biológico, o (s antígeno (s responsável (is pela imunidade nas salmoneloses sistêmicas ainda não está (ao definido (s. As mais diversas preparações têm sido propostas como possiveis imunogenos, bem como uma ampla variedade de modelos experimentais e de métodos de avaliação da resposta imune. Em relacao ao primeiro aspecto, sendo a Salmonella typhi, em condições naturais, um patógeno exclusivo do homem, os resultados obtidos em animais de laboratório frequentemente não se correlacionaram com os obtidos em seres humanos. Salienta-se que a pesquisa da resposta imune tem sido limitada na maioria das vezes a avaliação do titulo de aglutininas para os antigenos O, H e Vi; ou a testes de proteção passiva ou ativa em camundongos. A imunidade celular tem sido definida, principalmente por testes cutâneos, com preparações de natureza proteica, de composição variável e estrutura quimica mal-definida. Todos os dados revistos levam a conclusão de que até o presente, ignora-se o, ou os mecanismos de imunoproteção nas salmoneloses sistemicas.The results of the work done from the beginning of the century up to the present were reviewed, leading to the conclusion that the large amount of available knowledge on the chemistry, immunological, antigenic, and biological aspects of the antigens of Salmonella, was not sufficient to determine which antigen(s accounted for immune protection on systemic salmonellosis. Data accumulated on numerous and diversified preparations being used as immunogens, as well as on several experimental models and different methods of studying the immune response. In relation to Salmonella typhi, given that this microorganism is an exclusive natural pathogen only for man, the results of protection obtained with laboratory

  11. Modelos animais de aneurisma de aorta Animal models of aortic aneurysm

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo Argenta

    2009-06-01

    Full Text Available Os modelos experimentais em animais vêm sendo utilizados em cirurgia vascular há décadas. O desenvolvimento de novas técnicas para tratamento endovascular dos aneurismas requer a criação de bons modelos experimentais para testar esses dispositivos e estudar seu impacto sobre a progressão da doença. Este artigo tem por objetivo revisar os modelos de aneurisma arterial descritos atualmente. Entre os diversos modelos descritos, nenhum reúne todas as características de um modelo ideal de aneurisma. Os modelos em animais de grande porte são adequados para treino, estudo de alterações em parâmetros fisiológicos durante e após a liberação dos dispositivos e integração do mesmo à parede do vaso. Algumas desvantagens significantes incluem dificuldade do manejo, alto custo, difícil manutenção e regulamentações legais, dificultando a disponibilidade de diversas espécies animais. Modelos em animais menores, como os coelhos e camundongos, embora sejam menos caros e de fácil obtenção, não são adequados para estudos de técnicas endovasculares pelas pequenas dimensões de seus vasos. Nenhum modelo descrito até o momento consegue reproduzir todas as características dos aneurismas observados em humanos. Modelos disponíveis são descritos nesta revisão, e suas vantagens e desvantagens são discutidas.Experimental animal models have been used in vascular surgery for decades. The development of new interventional techniques in the endovascular treatment of aneurysms requires the creation of good experimental models to test these devices and study their impact on disease progression. The aim of this article was to review arterial aneurysm models currently available. Several distinct models have been described but none of them satisfies all the requirements of an ideal aneurysm model. Large animal models are appropriate for training, study of alterations in physiological parameters during and after device delivery, and integration

  12. Comparison of different methods for exogenous DNA uptake by bovine spermatozoa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata Simões

    2015-04-01

    Full Text Available Apesar da manipulação genética de animais domésticos ser de grande interesse para a produção animal e para a indústria farmacêutica, a sua eficiência ainda é insatisfatória. A injeção pronuclear, a técnica mais utilizada para tal proposito, principalmente em camundongos, ainda apresenta limitações para esta espécie. Algumas alternativas têm sido desenvolvidas como o uso de espermatozoides como vetores para transferência genica, na qual a célula espermática tem habilidade espontânea de se ligar a molécula de DNA e internaliza-la. Dado o potencial da transferência genica mediada por espermatozoide para animais domésticos transgênicos, o objetivo do presente trabalho foi a avaliação de quatro métodos de incorporação de DNA para a transferência genica mediada por espermatozoides na espécie bovina: incubação com DNA, alteração da membrana plasmática induzida por cálcio ionóforo seguida por incubação com o DNA exógeno, eletroporação e lipofecção. Espermatozoides não expostos ao DNA exógeno foram usados como grupo controle. Os índices de clivagem, blastocisto e eclosão foram avaliados, respectivamente, as 72 horas após a inseminação dos oócitos, bem como, aos 9 e 12 dias de cultivo embrionário. Os embriões positivos para o DNA exógeno foram avaliados por PCR. Nenhum efeito de tratamento foi observado nos índices de clivagem, blastocisto e eclosão. Além disso, a porcentagem de blastocistos positivos para o DNA exógeno não diferiu entre os grupos experimentais. Apesar do baixo número de embriões positivos para DNA exógeno, os resultados obtidos mostram que todos os tratamentos apresentaram eficiências similares. A conclusão obtida foi que, apesar de os índices de desenvolvimento embrionário terem sido similares e constante em todos os grupos experimentais, outros fatores como a sequência, o tamanho e a concentração do DNA exógeno devem ser avaliados para melhorar a transfer

  13. Expressão do complexo de histocompatilidade principal de classe I (MHC I no sistema nervoso central: plasticidade sináptica e regeneração Expresión del complejo principal de histocompatibilidad de clase I (MHC I en el sistema nervioso central: plasticidad sináptica y regeneración Expression of class I major histocompatibility complex (MHC I in the central nervous system: role in synaptic plasticity and regeneration

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata Graciele Zanon

    2010-06-01

    Full Text Available Foi demonstrado recentemente que o complexo de histocompatibilidade principal de classe I (MHC I, expresso no sistema nervoso central (SNC, não funciona somente como molécula com papel imunológico, mas também como parte de um mecanismo envolvido na plasticidade sináptica. A expressão de MHC I interfere na intensidade e seletividade da retração de sinapses em contato com neurônios que sofreram lesão e também influencia a reatividade das células gliais próximas a esses neurônios. A intensidade do rearranjo sináptico e resposta glial após lesão, ligadas à expressão de MHC I no SNC, repercute em diferenças na capacidade regenerativa e recuperação funcional em linhagens de camundongos isogênicos. Dessa forma, os novos aspectos sobre a função do MHC I no SNC direcionam futuras pesquisas no sentido de buscar o envolvimento do MHC I em doenças neurológicas e também o desenvolvimento de novas estratégias terapêuticas.El complejo mayor de histocompatibilidad de clase I (MHC I, expresado en el sistema nervioso central (SNC, no sólo funciona como una molécula con función inmunológica, sino que es crucial para las respuestas del tejido nervioso en casos de lesiones. El MHC I está involucrado con los procesos de plasticidad sináptica y las células gliales en el microambiente de la médula espinal después de realizada axotomía periférica. La expresión de MHC I interfiere con la intensidad y la forma en que se producen la contracción y la eliminación de sinapsis con relación a las neuronas, cuyos axones se han comprometido, y también influye en la reactividad de las células gliales, cerca de estas neuronas. La intensidad de estos cambios, que responden a la expresión de MHC I en el SNC, implica diferencias en la capacidad de regeneración axonal de las células dañadas por axotomía, por lo que el nivel de expresión de las moléculas MHC I se relaciona con el proceso de regeneración de los axones y, en

  14. Lankesterella alencari n. sp., a toxoplasma-like organism in the central nervous system of Amphibia (Protozoa, Sporozoa Lankesterella alencari n. sp., um toxoplasma-like no sistema nervoso central de Amphibia (Protozoa, Sporozoa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sylvio Celso Gonçalves da Costa

    1971-01-01

    Full Text Available Lankesterella alencari n. sp. a Sporozoa that occur in the blood and CNS of the South American frog Leptodactylus acellatus is described. Since the tissue forms of this parasite have been previously reported as belonging to the genus Toxoplasma, we attempted in fection of 2 species of amphibia (Bufo marinus an dLeptodactylus ocellatus with a Toxoplasma strain of human origen; inoculation was by intraperitoneal injection of parasite-containing ascitic fluid from infected mice. Attempt of experimental inoculation of the parasite found in the CNS of L. ocellatus in a highly susceptible host (mice was unsuccessful. These results suggest that Toxoplasma does not occur naturally in the amphibia; be related to Toxoplasma is excluded. The following genera of haematozoa found in brazilian amphibia have been considered briedfly: Haemobartonella, Cytamoeba, Dactylosoma, Hepatozoon and Trypanosoma.Os autores descrevem uma espécie do gênero Lankesterella considerada nova para a ciência, que ocorre com certa freqüência parasitando a rã Leptodactylus ocellatus no Brasil. Como os cistos dêste parasito, encontrados no SNC, foram anteriormente relacionados ao gênero Toxoplasma por outro autor, realizamos uma série de inoculações experimentais para eliminar a hipótese. Tanto as inoculações com amostra de Toxoplasma gondii de origem humana em anfíbios, como as de mascerados de SNC de rã contendo cistos em camundongos, foram negativas. As inoculações de T. gondii em anfíbios foram realizadas em temperatura ambiente que no Rio de Janeiro, na época era 30º-39ºC. Não encontramos, por outro lado, cistos no SNC de anfíbios do gênero Bufo, fato assinalado por outros autores. Realizamos algumas técnicas citoquímicas para melhor caracterização do parasito. Tendo em vista o grande número de hemoparasitos encontrados nas rãs brasileiras e as infecções múltiplas ocorrerem com freqüência, apresentamos também a incidência dêstes parasitos

  15. Estudo parasitológico e anátomo-patológico da fase aguda da doença de Chagas em cães inoculados com duas diferentes cepas do Trypanosoma cruzi

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Alice Pedreira de Castro

    1985-12-01

    Full Text Available Cães jovens foram infectados com as cepas Y e CL do T. cruzi usando-se como inóculos 107 formas sangüíneas inoculadaspor via intraperitoneal e 2 x 10³ tripomastigotas metacíclicos obtidos do inseto vetor e inoculadospor via conjuntival. As cepas Ye CL induziram nos cães curvas deparasitemia totalmente distintas, confirmando dados parasitológicos obtidos em camundongos e coelhos. Com a cepa CL a parasitemia, com ambos os inóculos, foi gradualmente ascencional ao passo que com Y a parasitemia foi extremamente baixa, irregular e, com freqüência, subpatente. Com ambas as cepas o parasitismo e as lesões predominaram no miocárdio. Entretanto, com a cepa Y a miocardite foi sempre intensa desde as fases mais precoces da infecção, ao passo que com a cepa CL o processo inflamatório tomou-se acentuado somente a partir do 20.° dia. Freqüentemente a intensidade da miocardite observada em alguns animais não guardava relação com a parasitemia; em alguns cães com parasitemia subpatente, nos quais a infecção só foi diagnosticada pelo xenodiagnóstico, a intensidade da miocardite foi comparável àquela observada nos animais com parasitemia patente. Idêntica correlação também não foi assinalada em relação ao parasitismo tissular. Esses achados sugerem a participação de mecanismo imunológicos na gênese das lesões, ainda na fase aguda da infecção.Young dogs were inoculated with T. cruzi Y and CL strains either by intraperitoneal route with 107 blood forms or by ocular route with 2 x 10³ vector-derived trypomastigotes. With both inocula the patterns of parasitemia were significantly different, confirming data previously obtained in experimentally infected mice and rabbits. CL strain induced a gradual ascencional parasitemia whereas with Y the parasitemia was either subpatent or the number of parasites was very low, rapidly declining. Although myocarditis was present in most animals regardless of the strain used, the

  16. Harmful algae and toxis in paranaguá bay , Brazil: bases for monitoring

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Laureno Mafra Junior

    2006-09-01

    moluscos através de bioensaio com camundongos (DSP e PSP e por cromatografia líquida (ASP. As espécies nocivas encontradas foram Pseudo-nitzschia spp., Dinophysis acuminata,Prorocentrum minimum,Gymnodinium catenatum,Phaeocystis spp., Chattonella spp. e Heterosigma akashiwo. Além dessas, Trichodesmium erythraeum e Coscinodiscus wailesii foram também incluídas no estudo pelo potencial de produzirem eventos nocivos na região. Toxinas diarréicas (DSP foram detectadas em moluscos em dezembro de 2002 associadas à presença de D. acuminata (até 4.566 cel.l-1. Toxinas paralisantes e amnésicas foram produzidas por cepas cultivadas em laboratório. Primavera (de outubro a dezembro no hemisfério Sul e final do verão (fevereiro a abril foram os períodos de maior abundância de algas nocivas principalmente nos setores euhalino e polihalino interno do CEP.

  17. Padronização e determinação da fotoestabilidade do extrato de folhas de Pothomorphe umbellata L. Miq (pariparoba e avaliação da inibição in vitro de metaloproteinases 2 e 9 na pele Standardization and determination of photostability of leaf extracts of Pothomorphe umbellata L. Miq (pariparoba and evaluation of the inhibition in vitro of metalloproteinases 2 and 9 in skin

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rebeca Leite Almeida

    2008-03-01

    Full Text Available A maioria das pesquisas realizadas até hoje sobre os efeitos benéficos da pariparoba (Pothomorphe umbellata L. Miq foi feita com o extrato da raíz desta espécie, e o seu emprego em larga escala comprometeria a exploração sustentável deste insumo natural. Neste sentido o uso das folhas da pariparoba, ao invés de raízes pela indústria cosmética, não põe em risco a existência da espécie. Neste trabalho foi determinada a concentração de 4-nerolidilcatecol (4-NC de um extrato de folhas por metodologia analítica validada em nosso laboratório, cujo valor foi cerca de 30% menor que no extrato de raiz, obtido da mesma maneira. Na avaliação de fotoestabilidade do extrato de folhas, uma solução de 0,25 mg/mL não apresentou alterações significativas do perfil espectroscópico após 2 horas de exposição à radiação UVB, demonstrando sua estabilidade. Metaloproteinases (MMPs são endopeptidases dependentes de zinco, envolvidas na remodelagem da matriz extracelular (MEC, e importantes na formação das rugas típicas do fotoenvelhecimento cutâneo. Também avaliamos, por técnica de zimografia, a capacidade do extrato de folhas de P. umbellata de inibir a atividade de MMPs 2 e 9 in vitro de pele de camundongos sem pêlo. O extrato de folhas (0,1 mg/mL inibiu em 80% a atividade destas enzimas, conforme avaliação densitométrica.Most researches that have been done until today about the beneficial effects of pariparoba (Pothomorphe umbellata L. Miq have been done with root extract of this species, but the use in large scale would compromise the sustainable exploration of this natural resource. In this sense, the utilization of pariparoba leaves, substituting the roots, in the cosmetic industry does not put in risk the existence of the species. In this work the concentration of 4-nerolidylcathecol (4-NC in leaf extract was determined by the analytical methodology validated in our laboratory. The concentration of 4-NC in leaf extract

  18. Laboratory acquired infection by the virus SP H 114202 (Arenavirus: Arenaviridae: clinical and laboratory findings Infecção humana adquirida em laboratório causada pelo virus SP H 114202 (Arenavirus: família Arenaviridae: aspectos clínicos e laboratoriais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro Fernando da Costa Vasconcelos

    1993-12-01

    que a doença evoluía, passando de 5800 para 4100, 3400 e 2500 leucócitos por mm³ de sangue com 2,5,9 e 11 dias de doença, respectivamente. Ocorreram ainda, discretas alterações nas transaminases (TGO=54 e TGP=52 no 9º dia de doença. O coagulograma e velocidade de hemossedimentação foram normais. Conversão sorológica para o virus em apreço, foi detectada através dos testes de fixação do complemento, neutralização e ELISA. Sangue do paciente inoculado em camundongos recém nascidos, hamsters e células VERO, apresentou resultado negativo para isolamento de virus. Esse virus foi isolado pela primeira vez em São Paulo, em 1990, a partir do sangue de um paciente que apresentou febre hemorrágica com evolução fatal. Recomenda-se extremo cuidado no manuseio desse virus por tratar-se de patógeno com riscos de transmissão por aerossóis (contaminante classe III ou IV.

  19. Assessment of Duguetia furfuracea genotoxic and cytotoxic activity in bacteria and mice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina R. Silva

    2012-03-01

    Full Text Available Duguetia furfuracea (St. Hil. Benth & Hook f. (1862, popularly known as "sofre-do-rim-quem-quer" and "araticum-seco", is a shrub of the Annonaceae family that occurs in several regions of Brazil. In folk medicine the infusion of its leaves and twigs is used to treat rheumatism and renal colic, whereas the seed powder is mixed with water to treat pediculosis. Previous studies have described biological activities of this plant with cytotoxic, antitumoral, trypanocidal, leishmanicidal, antiplasmodial and antiprotozoal effects. In the present work, genotoxicity and cytotoxicity of Duguetia furfuracea lyophilized leaf extract were evaluated using the prophage λ induction test (SOS-Inductest and mouse bone marrow micronucleus test. Our results showed that Duguetia furfuracea lyophilized leaf extract did not present an increase either in the induction of prophage λ (P>0.05 using the SOS-inductest or in the micronucleated polychromatic erythrocytes (P>0.05 using the micronucleus test, suggesting absence of genotoxicity in both tests. On the other hand, a significant decrease in the number of bacteria, (PDuguetia furfuracea (St. Hil. Benth & Hook f. (1862, popularmente conhecida como "sofre-do-rim-quem-quer" e "araticum-seco", é um arbusto da família Annonaceae que ocorre em várias regiões do Brasil. Na medicina popular a infusão de suas folhas e galhos é usada no tratamento de reumatismo e cólica renal, enquanto que o pó da semente é misturado com água para o tratamento de pediculose. Estudos anteriores têm descrito atividades biológicas desta planta com ação citotóxica, antitumoral, tripanomicida, leishmanicida, antiplasmódica e antiprotozoárica. No presente trabalho, a genotoxicidade e citotoxicidade do extrato liofilizado de folhas de Duguetia furfuracea foram avaliadas pelo teste de indução profago λ (Induteste-SOS e pelo teste do micronúcleo em medula óssea de camundongos. Nossos resultados mostraram que o extrato

  20. A importância do uso das células tronco para a saúde pública The importance of the use of stem cells for public health

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lygia da Veiga Pereira

    2008-02-01

    Full Text Available Em 1999, as células-tronco foram eleitas "Scientific Breakthrough of the Year" (avanço científico do ano pela revista Science¹. Naquele ano, foi demonstrado que células-tronco de tecidos adultos mantinham a capacidade de se diferenciar em outros tipos de tecidos. No ano anterior, as primeiras linhagens de células-tronco embrionárias humanas foram estabelecidas. Desde então, o número de artigos científicos sobre células-tronco vem crescendo exponencialmente, onde novos paradigmas são estabelecidos. Neste artigo, farei uma revisão da área de células-tronco com um foco especial em seu uso como agente terapêutico em doenças comuns como diabetes e cardiopatias. As células-tronco serão tratadas em dois grupos distintos: as embrionárias e as adultas. Enquanto o potencial de diferenciação das primeiras está bem caracterizado em camundongos e em humanos, seu uso em terapia celular e em pesquisa tem sido dificultado por questões de histocompatibilidade, segurança e ética. Em contraste, células-tronco adultas não apresentam estes empecilhos, apesar da extensão de sua plasticidade ainda estar sob investigação. Mesmo assim, diversos testes clínicos em humanos estão em andamento utilizando células-tronco adultas, principalmente derivadas da medula óssea. Discutirei ainda a importância de se trabalhar com as duas classes de células-tronco humanas de forma a se cumprir suas promessas terapêuticas.Stem cells were elected 'Breakthrough of the Year' by Science¹ magazine in 1999, having shown that stem cells from adult tissues retained the ability to differentiate into other tissue types. During the previous year, the first human embryo stem cell lines were established. Since then, the number of scientific papers on stem cells has been increasing exponentially, establishing new paradigms that are rapidly challenged by subsequent experiments. This paper reviews the stem cell research field, divided into two groups: embryo and

  1. TOXOCARIASIS: SEROLOGICAL DIAGNOSIS BY INDIRECT ANTIBODY COMPETITION ELISA Diagnóstico sorológico da toxocaríase através do método de ELISA indireto de competição

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cáris Maroni NUNES

    1999-03-01

    , particularmente com Ascaris sp. Com o intuito de aumentar a especificidade do diagnóstico sorológico da toxocaríase que rotineiramente é feito através do método de ELISA indireto, no presente trabalho desenvolveu-se um método de ELISA indireto de competição (EIC, utilizando IgG anti-TES produzida em coelhos e absorvida com um polímero de extrato antigênico de adultos de A. suum. A avaliação da sensibilidade e especificidade do EIC proposto foi inicialmente feita em camundongos experimentalmente infectados com T. canis. Adotando-se ponto de corte estabelecido nesta população previamente à infecção, os valores de sensibilidade e especificidade foram de 100% a partir de 20 dias pós-inoculação. Para a população humana, adotou-se um ponto de corte estabelecido a partir de 60 amostras de soro de indivíduos saudáveis e sem suspeita clínica de LMV. A avaliação do EIC foi realizada em amostras de soro de pacientes com suspeita clínica da doença e tomando como referência a classificação previamente feita pelo ELISA indireto realizado pelo Instituto Adolfo Lutz-SP. O EIC apresentou valores de sensibilidade relativa de 60,2 %, especificidade relativa de 98% e concordância de 77,3%. Na avaliação da repetibilidade do EIC obteve-se coeficiente de variação inter-reações de 2,4%.

  2. Action of the medicine Canova® on peritoneal resident macrophages infected with Trypanosoma cruzi = Ação do medicamento Canova® em macrófagos peritoniais residentes infectados por Trypanosoma cruzi

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanessa Tagawa Cardoso de Oliveira

    2008-01-01

    Full Text Available Approximately 20 million of people are chronically infected withTrypanosoma cruzi in Latin America. The present work investigated the action of the homeopathic medicine Canova® on in vitro experimental infections with T. cruzi Y strain, using Swiss mice resident peritoneal macrophages. Our results demonstrated that Canova®induced a decrease in the production of H2O2 and TNF-a at 20 and 40% concentrations when compared to the control RPMI. However, when compared with this medicine excipient, a significant decrease in these mediators was observed with Canova® at 40% concentration only. The production of NO and phagocytic activity were not affected. TNF-a inhibits T. cruzi replication in peritoneal macrophages in vitro, becoming an important agent of infection control by this parasite. Within this context, Canova®, unlike what has been reported with other infections, would function as a stimulator of the infection, since it inhibited the production of TNF-α by peritoneal resident macrophages in vitro. Further studies should be carried out with elicited macrophages, in order to confirm the inhibitoryactivity of Canova® on the production of TNF-α and other mediators in macrophages infected by T. cruzi.Aproximadamente 20 milhões de pessoas são cronicamente infectadas pelo Trypanosoma cruzi na América Latina. O presente trabalhoinvestigou a ação do medicamento homeopático Canova® em infecções experimentais “in vitro” com Trypanosoma cruzi, cepa Y, usando macrófagos residentes peritoniais de camundongos Swiss. Os resultados indicaram que Canova® induz a diminuição significativa da produção de H2O2 e TNF-α em concentrações de 20 e 40%, quando comparado com ocontrole RPMI. Quando comparado com o excipiente do medicamento, observou-se diminuição na concentração destes mediadores apenas na concentração de 40%. A produção de NO e a atividade fagocítica não foram afetadas. TNF-α inibe a replicação do protozoário em

  3. In vitro and in situ activation of the complement system by the fungus Lacazia loboi Ativação in vitro e in situ do sistema complemento pelo fungo Lacazia loboi

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fátima Regina Vilani-Moreno

    2007-04-01

    Full Text Available Since there are no studies evaluating the participation of the complement system (CS in Jorge Lobo's disease and its activity on the fungus Lacazia loboi, we carried out the present investigation. Fungal cells with a viability index of 48% were obtained from the footpads of BALB/c mice and incubated with a pool of inactivated serum from patients with the mycosis or with sterile saline for 30 min at 37 ºC. Next, the tubes were incubated for 2 h with a pool of noninactivated AB+ serum, inactivated serum, serum diluted in EGTA-MgCl2, and serum diluted in EDTA. The viability of L. loboi was evaluated and the fungal suspension was cytocentrifuged. The slides were submitted to immunofluorescence staining using human anti-C3 antibody. The results revealed that 98% of the fungi activated the CS by the alternative pathway and no significant difference in L. loboi viability was observed after CS activation. In parallel, frozen histological sections from 11 patients were analyzed regarding the presence of C3 and IgG by immunofluorescence staining. C3 and IgG deposits were observed in the fungal wall of 100% and 91% of the lesions evaluated, respectively. The results suggest that the CS and immunoglobulins may contribute to the defense mechanisms of the host against L. loboi.Considerando que não existe nenhum estudo avaliando a participação do sistema complemento (SC na doença de Jorge Lobo e sua atividade sobre o fungo Lacazia loboi, realizamos o presente trabalho. Os fungos foram obtidos dos coxins plantares de camundongos BALB/c com índice de viabilidade de 48% e, em seguida, foram incubados com pool de soro inativado de pacientes ou com solução salina estéril (SSE por 30 min, a 37 ºC. Os tubos foram incubados, por 2 h, com pool de soro AB+ sem inativar, inativado, diluído em EGTA-MgCl2 e EDTA. A viabilidade do L. loboi foi avaliada e a suspensão fúngica foi citocentrifugada. As lâminas foram submetidas à técnica de imunofluoresc

  4. The effects of acute administration of the hydroalcoholic extract of rosemary (Rosmarinus officinalis L. (Lamiaceae in animal models of memory

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camila Angela Zanella

    2012-09-01

    Full Text Available Rosmarinus officinalis (Rosemary demonstrates antioxidant, antidepressant, diuretic, antinociceptive and antiulcerogenic activities. The present study was designed to examine the effects of the hydroalcoholic extract of R. officinalis on the memory of male mice. The behavioral tasks employed were social recognition (SR, the Morris water maze (MWM and an inhibitory avoidance task (IA. The treatment with 150 and 300 mg/kg of R. officinalis improved the acquisition phase of learning of a new social memory in the SR task because a decrease was observed in the duration of social investigation. In the Morris water maze, no significant effect was observed on spatial memory when the groups were compared for the time spent in the correct quadrant. In the inhibitory avoidance task, the decrease in the step-down latencies in the test session indicate that 150 mg/kg of R. officinalis improved long-term memory when administered in the consolidation phase of learning. In conclusion, the present study showed that, the hydroalcoholic extract of R. officinalis at 150 and 300 mg/kg modulated the short- and long-term memories of mice, in a social recognition and inhibitory avoidance task, respectively. This modulator effect was shown to improve learning and memory processes.Rosmarinus officinalis L. (Alecrim possui atividade antioxidante, antidepressiva, diurética, antinociceptiva e antiulcerogênica. O presente estudo foi delineado para investigar o efeito do extrato hidroalcoólico de R. officinallis na memória de camundongos machos. Os modelos comportamentais utilizados foram a tarefa de reconhecimento social (RS, labirinto aquático de Morris (MWM e esquiva inibitória (EI. O tratamento com 150 e 300mg/kg de R. officinallis, mostrou ter efeito positivo na aquisição de uma nova memória social, na tarefa de reconhecimento social, mostrando redução significativa do tempo de investigação social. No labirinto aquático de Morris, não foi visto efeito

  5. Gastroprotective effect of Byrsonima sericea DC leaf extract against ethanol-induced gastric injury and its possible mechanisms of action

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia A. Rodrigues

    2012-03-01

    Full Text Available Byrsonima sericea leaves are extensively used in folk medicine in Brazil against gastric disorders. This study investigated the chemical constituents of B. sericea leaf ethanolic extract (BSLE and its potential gastroprotective activity, with its possible mechanism of the action using ethanol to induce gastric mucosal damage in mice. The phytochemical analysis was carried out to identify the active constituents present in the extract, and the HPLC analysis was performed for the identification of flavonoids. BSLE at oral doses of 125, 250 and 500 mg/kg markedly attenuated the ethanol-evoked gastric lesions by 53.2, 84.9 and 87.6 %, respectively. The BSLE (250 mg/kg prevented the depletion of gastric mucus and gastric mucosal nonproteic-sulfhydryl groups, SOD and CAT, as well as the increase in the MDA content promoted by absolute ethanol. Moreover, the effect of BSLE against ethanol damage was found to be significantly reduced in mice pretreated with Capsazepine (i.p., L-NAME (i.p. or glibenclamide (i.p., the respective blockers/inhibitors of TRPV1, NO synthase and K+ATP channel. The phytochemical investigation on BSLE revealed the presence of flavonoids rutin, isoquercitrin, kaempferol 3-O-rutinoside and quercetin, which are compounds well known for their antioxidant and gastroprotective properties. These results suggest that BSLE affords gastroprotection through multiple mechanisms, which may be helpful in the treatment of pathologies associated with gastric dysfunctions.Folhas de Byrsonima sericea são amplamente utilizadas na medicina popular no Brasil no tratamento de distúrbios gástricos. Este estudo investigou os constituintes químicos do extrato etanólico das folhas de B. sericea (BSLE e sua atividade gastroprotetora com seus possíveis mecanismos de ação utilizando o modelo de lesão gástrica induzida por etanol em camundongos. A análise fitoquímica foi realizada para identificar os componentes ativos presentes no extrato e an

  6. Radiolabeling of methanol extracts of yarrow (Achillea millefolium l in rats Radiomarcação do extrato metanólico de yarrow (Achillea millefolium l em ratos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Betul Cekic

    2012-05-01

    foram usados para estudos de biodistribuição. Para estudos de imagem, quatro camundongos Balb-C machos e saudáveis foram usados. Estudos de controle de qualidade foram realizados usando métodos de cromatografia de camada fina e cromatografia líquida de alta performance. Para estudos de biodistribuição, pico 5 radiografado com I131 (I131-Peak 7 foi esterilizado e injetado na veia da cauda dos ratos e estudos de imagem foram obtidos usando Sistema de Imagem Kodak FX PRO in vivo. RESULTADOS: O retorno radiomarcado de cada extrato bioativo purificado da planta Achillea sete picos estavam entre 79 e 92%. O retorno com maior marcação foi calculado para I131 s��timo pico (I131-Peak 7 (92,78±5,04, n=5. Por esta razão os estudos de biodistribuição e de imagem foram feitos para I131-Peak 7. CONCLUSÃO: Peak 7 foi radiomarcado com I131 em alto retorno para uso em estudos terapêuticos e de imagens nas aplicações médicas nucleares.

  7. Estudo fitoquímico e análise mutagênica das folhas e inflorescências de Erythrina mulungu (Mart. ex Benth. através do teste de micronúcleo em roedores Phytochemical and mutagenic analysis of leaves and inflorescences of Erythrina mulungu (Mart. Ex Benth through micronucleus test in rodents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.P De Bona

    2012-01-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo investigar a composição química, estabelecer a dose letal média (DL50 e avaliar os potenciais efeitos mutagênicos do extrato hidroalcoólico de folhas e inflorescências de Erythrina mulungu Mart. ex Benth por meio do teste de micronúcleo em medula óssea de camundongos. Os ensaios fitoquímicos foram realizados através de reações preliminares com mudança de coloração e/ou formação de precipitado; a DL50, por meio da administração intraperitoneal de três concentrações dos extratos, avaliando-se o número de óbitos após 48 horas e o teste de micronúcleo foi feito por meio do método do esfregaço, após exposição dos animais a cinco dias de tratamento. Os resultados fitoquímicos demonstraram presença de açúcares redutores, fenóis e taninos, proteínas e aminoácidos, flavonóides, alcalóides, depsídeos e depsidonas e derivados de cumarina em ambos os órgãos; saponinas espumídicas e esteróides e triterpenóides nas folhas e glicosídeos cardiotônicos e antraquinônicos e alcalóides nas inflorescências. Para a DL50 a folha demonstrou-se atóxica e a inflorescência moderadamente tóxica. Para o teste de micronúcleo, os resultados indicaram ausência de citotoxicidade e genotoxicidade dose-dependente para as folhas e independente da dose para as inflorescências. Assim, esses resultados sugerem que a planta, nas condições analisadas, possui potencial para induzir danos ao DNA.This study aimed to investigate the chemical composition, to establish the mean lethal dose (LD50 and to assess the potential mutagenic effects of hydroalcoholic extract of leaves and inflorescences of Erythrina mulungu Mart. ex Benth by using micronucleus test in bone marrow of mice. Phytochemical assays were carried out through preliminary reactions with color change and/or precipitate formation; the LD50 was obtained by intraperitoneal administration of three concentrations of the extracts, assessing

  8. Fumonisins: toxicological effects, mechanism of action and biomarkers for exposure assesment/ Fumonisinas: efeitos toxicológicos, mecanismo de ação e biomarcadores para avaliação da exposição

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elisabete Yurie Sataque Ono

    2004-05-01

    Full Text Available Fumonisins, mycotoxins produced by Fusarium verticillioides Sacc. Niremberg (F. moniliforme Sheldon, the prevalent seed borne fungus of corn (Zea mays, have been associated with several animal diseases, such as equine leukoencephalomalacia, porcine pulmonary edema and hepatic and renal carcinomas in rats and mice. Epidemiological studies have linked consumption of fumonisin-contaminated corn with esophageal cancer in human populations in China and South Africa. In addition, fungal growth and further corn contamination by fumonisins cause great economic losses throughout the world. The fumonisin B1 molecule bears remarkable structural resemblance to the long-chain base backbones of sphingolipids. The toxicity and carcinogenicity of FB1 is based on its ability to inhibit ceramide synthase, a key enzyme in the metabolism of complex sphingolipids. Inhibition of these metabolic pathway results in increased intracellular concentrations of free sphinganine and depletion of complex sphingolipids, which play important roles in cell regulation. Due to the worldwide occurrence of fumonisins in corn and corn-based products, many studies have aimed the development of biomarkers for exposure assessment and for establishment of acceptable exposure levels to fumonisins. This review discusses the toxicological effects of fumonisins in vivo and in vitro, biochemical mechanisms of action and the progress in development of biomarkers for exposure assessment.Fumonisinas são toxinas produzidas por Fusarium verticillioides Sacc. Niremberg (F. moniliforme Sheldon, patógeno primário de milho, que está implicado em inúmeras doenças animais, com ênfase em leucoencefalomalácia em eqüinos, edema pulmonar em suínos e carcinomas hepáticos e renais em ratos e camundongos. Em seres humanos, os estudos epidemiológicos têm associado o consumo de milho altamente contaminado com fumonisinas ao câncer esofágico em populações da China e África do Sul. Além disso, a

  9. Apoptose na modulação da resposta inflamatória aos ovos do Schistosoma mansoni

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tristão A.R.

    2000-01-01

    Full Text Available Foram estudadas 42 amostras de fígado de camundongos inoculados com cercárias do Schistosoma mansoni, obtidas 40, 60, 80 e 120 dias após a infecção e processadas rotineiramente. As lâminas obtidas foram coradas pela HE para análise qualitativa e morfométrica do número e área dos granulomas e pelo MGP para quantificação de células apoptóticas. Os animais com 40 dias de inoculação possuíam menos granulomas/lâmina ( ou = 11,78±4,01, com áreas pequenas ( ou = 52.713,88±5.244,34mm² e as menores médias de apoptose ( ou = 7,50±0.99. Os animais com 60 dias de inoculação tiveram os maiores granulomas ( ou = 114.851,20±5.517,20mim², em maior número ( ou = 92,88±10,62 e freqüente apoptose ( ou = 18,73±1,35. Os com 80 dias de inoculação apresentaram diminuição no tamanho dos granulomas ( ou = 89.305,57±6.162,79mim², mas grande quantidade deles ( ou = 131,09±15,60 e freqüência maior de apoptose ( ou = 19,93±1,49. Com 120 dias, a apoptose continuou freqüente ( ou = 19,84±1,88, os granulomas eram mais numerosos ( ou = 231,20±34,57, porém menores ( ou = 41.556,58±2.043,60mim². A ocorrência de apoptose ajuda a explicar a redução na celularidade e a conseqüente diminuição da área dos granulomas. A apoptose foi confirmada histologicamente pela técnica de "tunel". Assim, a apoptose participa da modulação do fenômeno inflamatório do tipo granulomatoso, reacional à embolização de ovos do parasito no fígado. Com a evolução da doença, desenvolve-se uma tolerância imunológica aos antígenos do ovo do Schistosoma mansoni, evidenciada morfologicamente pela diminuição da área média dos granulomas e pela maior freqüência de apoptose nas células componentes do granuloma.

  10. Hemaglutinina de folhas de mandioca (Manihot esculenta Crantz: purificação parcial e toxicidade Hemaglutinin of cassava leaves (Manihot esculenta Crantz: partial purification and toxicity

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Chrystian Araujo Pereira

    2008-06-01

    Full Text Available Um dos componentes da multimistura para suplementação alimentar de populações carentes é a farinha de folhas de mandioca (FFM que possui elevado conteúdo em proteínas, vitaminas e minerais. Todavia, as folhas de mandioca também apresentam substâncias antinutritivas e/ou tóxicas, como cianeto, polifenóis, nitrato, ácido oxálico, hemaglutinina, saponinas e inibidores de tripsina. Objetivou-se neste trabalho extrair as proteínas da FFM, purificando-as em coluna cromatográfica e determinar sua atividade hemaglutinante e toxicidade. Foram testadas várias estratégias de extração e precipitação das proteínas, sendo que o maior teor protéico e atividade hemaglutinante foi obtido na extração com água destilada na proporção 1:20 (p/v seguida da precipitação com sulfato de amônio a 80% de saturação. As proteínas precipitadas foram purificadas em coluna Q-Sepharose. Das quatro frações obtidas na purificação (I, II, III e IV, a I e a II apresentaram maiores atividades hemaglutinantes. As mesmas frações foram injetadas via intraperitoneal em camundongos com doses de 2mg (fração I, 3mg (fração II, 54mg (fração III e 52mg (fração IV para cada animal com 20g de peso médio, não sendo observadas mortes ou quaisquer efeitos adversos após 120h.One of the components of the multimixture to the feed supplementation of low-income populations is cassava leaf flour (FFM, with high content of proteins, vitamins and minerals. However, cassava leaves also present substance regarded as antinutritive and/or toxic, such as cyanide, polyphenols, nitrate, oxalic acid, hemagglutinin, saponins and trypsin inhibitors. The aim of this work was to extract proteins from FFM, purifying them in chromatographic column and determine their hemagglutinating activity and toxicity. A number of strategies of extraction and precipitation of proteins were tested; the highest protein content and hemagglutinating activity were obtained in the

  11. Survival of Trypanosoma cruzi in sugar cane used to prepare juice Avaliação da sobrevida de Trypanosoma cruzi em cana de açúcar utilizada no preparo do caldo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana V.N. Cardoso

    2006-10-01

    . Trinta triatomíneos foram contaminados com a cepa Y de T. cruzi; após 45 dias realizamos a contaminação de pedaços de cana de açúcar com o conteúdo intestinal dos insetos. Estes pedaços foram moídos em diferentes tempos: no início (tempo 0 e após 1, 4, 6, 12 e 24 horas da contaminação e o caldo extraído foi analisado por diferentes métodos: direto, centrifugação em tubo de hematócrito, QBC. Este caldo contaminado foi inoculado em 47 camundongos machos BALB/c, sendo cinco controles (com caldo de cana limpo e sete para cada tempo estudado (cinco inoculados pela via oral e dois pela intraperitoneal. Na análise direta e no QBC obtivemos resultados positivos até 12 horas e, na centrifugação, ocorreu positividade somente até as quatro horas. As parasitemias dos animais inoculados foram todas positivas em um período de 14 dias de observação, demonstrando alto grau de sobrevivência do T. cruzi na cana de açúcar.

  12. Laserterapia de baixa intensidade na expressão de colágeno após lesão muscular cirúrgica Low-level laser therapy in the expression of collagen after muscular surgical injury

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flávia Fonseca Moreira

    2011-03-01

    Full Text Available A laserterapia é um procedimento utilizado em larga escala nas lesões musculoesqueléticas, devido as suas diversas propriedades, antiinflamatórias, cicatrizantes entre outras. Além disso, há tipos distintos de aparelhos de laser. Mesmo com os diversos modelos experimentais existentes na literatura, não há um consenso sobre a faixa de utilização, bem como o tipo de laser que promove melhor reparo no tecido muscular. Este estudo visa analisar os efeitos da laserterapia de baixa intensidade na expressão de colágeno após lesão muscular. Camundongos Swiss albinos (n=18 foram submetidos à lesão muscular cirúrgica e divididos em dois grupos, controle (C e teste (T. Os animais foram submetidos a uma irradiação diária de 5 J/cm² pelos lasers AsGaAl 830 nm e AsGa 904 nm e, em diferentes tempos de sacrifício (7 e 14 dias. Os resultados não demonstraram diferença estatística significativa na expressão de colágeno em ambos os grupos analisados. Contudo, os dados apontam que a dose de 5 J/cm² do laser AsGa 904 nm promoveu maior deposição de fibras colágenas após 14 dias de tratamento, sugerindo que a terapia seja efetiva na síntese de colágeno. Outros estudos experimentais, em humanos, devem ser propostos para maiores inferências sobre os resultados do laser no tratamento da lesão muscular.The laser therapy is a procedure utilized at long scale in the musculoskeletal injuries, due its anti-inflammatory and reparatory proprieties and others. Besides, there are differents types of laser equipments. Despites with the many experimental models at literature, there is no consensus about the range of application as well as the type of laser that promove of the best repair in muscular tissue. The aim of this study is to analyze the effects of the low level laser therapy in the expression of collagen after muscular injury. Mice Swiss albinos (n=18 were subjected to the muscular surgical injury and separated in two groups, control (C

  13. Patulin: incidence and control in apple products / Patulina: incidência e controle em derivados de maçã

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Crispin Humberto Garcia-Cruz

    2009-07-01

    Full Text Available The patulin, (4hydroxy-4furo[3,2-c]pyran(6H-1,, is a thermal resistent mycotoxin produced by several species of fungi are common in plants, mainly in derivatives and apples. Studies on the toxicity in animals have shown that mycotoxin has character teratogenic, and carcinogenic in mice immunotoxic. Its biosynthesis is well understood involving a series of reactions of condensation and oxiredução, many catalyzed by enzymes. The danger of contamination of food with patulin, warning about the need for a more rigorous control. Recent research aimed their removal and degradation as well as increase the sensitivity of the tests, making them faster and at less cost. The removal of patulin of food is made with composite adsorbents, with inconvenience to diminish the quality of the product by adsorbs other components desirable. The degradation is made with sulfur compounds, which are not allowed in food in many countries, and the growth of yeasts, such as the production of cider. Many yeasts have resistance against patulin and produce compounds capable degrade it. Here, we reviewed research on patulin with emphasis on its influence in food industry, incidence of patulin in apple juice and other foods, maximum permissible concentrations, health effects, biosynthesis, removal, degradation and most widely used methods for its detection and quantification.A patulina, 4hidroxi-4furo[3,2-c] pirano(6H-1, micotoxina termo-resistente, é produzida por várias espécies de fungos, comuns em vegetais, produtos derivados e principalmente em maçãs. Estudos sobre a toxicidade em animais demonstraram esta micotoxina possui caráter teratogênico, cancerígeno e imunotóxico em camundongos. Sua biossíntese é bem compreendida envolvendo uma série de reações de condensação e de oxiredução, muitas catalisadas por enzimas. O perigo da contaminação de alimentos com patulina, alerta sobre a necessidade de um controle mais rigoroso. Pesquisas recentes objetivam

  14. Hemodinâmica glomerular renal no roedor Calomys callosus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mirian A. Boim

    1989-03-01

    Full Text Available A função renal do roedor Calomys callosus, envolvido no ciclo de transmissão de diversos agentes patogênicos para o homem foi avaliada no animal intacto, através da técnica de depuração e micropunção renal. Os resultados mostraram que este roedor apresenta níveis pressóricos, hematócrito e proteinas plasmáticas semelhantes aos dos ratos submetidos ao mesmo procedimento experimental. Os pesos corporal e renal, bem como a filtração glomerular global e por nefro assemelham-se aos do camundongo. Surpreendentemente estes roedores apresentaram significante número de glomérulos superficiais por rim, permitindo a avaliação da hemodinàmica glomerular. Apesar da pressão arterial semelhante à dos ratos Munich-Wistar (MW, a pressão hidráulica intraglomerular no Calomys callosus foi inferior. Esta redução foi conseqüente à menor resistência pós-glomerular quando comparada à dos ratos MW. O fluxo plasmático glomerular atingiu valor bastante elevado em relação à filtração glomerular por nefro, fato que não só compensaria a reduzida pressão intraglomerular, como também seria suficiente para elevar a filtração (por g/rim a níveis superiores neste roedor, pois o coeficiente de ultrafiltração glomerular (Kj foi semelhante ao do rato MW. O presente trabalho sugere que apesar das dificuldades técnicas que este animal impõe devido ao seu reduzido tamanho, o estudo da função renal global bem como da hemodinàmica glomerular é factível, podendo portanto ser utilizado como modelo para estudo da função renal em doenças tropicais.Renal function was characterized in Calomys callosus, a rodent which can participate in the transmission of several human diseases. The results showed that the pressures levels, hematocrit and plasmatic proteins were similar to rats submitted to the same experimental maneuvers. The corporal and renal weights, whole and single nephron glomerular filtration rates were similar to the mouse

  15. Immunology and immunopathology of African trypanosomiasis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Philippe Vincendeau

    2006-12-01

    da tripanosomíase experimental. Componentes da imunidade inata estão sendo caracterizados. Em camundongos infectados, a VSG estimula preferencialmente células Th1. Uma resposta de gd e células T CD8 aos antígenos do tripanossoma foi observada em gado tripanotolerante. Um aumento em células B CD5, responsável por IgM sérica e produção de autoanticorpos, foi observado no gado infectado. Os macrófagos desempenham importantes funções na tripanosomíase, em sinergismo com anticorpos (fagocitose e pela secreção de várias moléculas (radicais, citocinas, prostaglandinas. Tripanossomas são altamente sensíveis ao TNF-alfa, espécies reativas de oxigênio e nitrogênio. O TNF-alfa também está envolvido em caquexia. O IFN-gama atua como um fator de crescimento do parasita. Esses vários componentes contribuem para a imunossupressão. Os tripanossomas usam os mecanismos imunes para seu próprio benefício. Dados recentes mostram a importância da ativação alternativa de macrófagos, incluindo a indução pela arginase. A L-ornitina produzida pela arginase do hospedeiro é essencial para o crescimento do parasita. Todos esses dados mostram o envolvimento no sistema imune realizado pelos tripanossomas e sugerem a interferência de métodos terapêuticos.

  16. Bioquímica da esquistossomose mansônica: VII. Alterações lipídicas das membranas lisossômicas durante a faze inicial da agressão hepática Biochemistry of schistosomiasis mansoni: VII. Changes of the lipid composition of lynsosomal membranes at the initialphase of liver injury

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Erlon Araújo Rodrigues

    1988-03-01

    Full Text Available Com o intuito de se estudarem as alterações nos teores lipídicos, constituintes das membranas lisossômicas, em fígados, durante a fase inicial da agressão esquistossomótica, foram utilizados camundongos infectados com 30 cercárias e 30 dias de infecção. Os triaglicerídios passaram de 200 ± 48 µg/mg de proteínas totais nos controles, para 165 ± 22 µg/mg, nos infectados. Na mesma ordem também diminuiram o colesterol livre de 539 ± 80, para 396 ± 54 µg/mg; os ésteres do colesterol de 270 ± 35, para 216 ± 36 µg/mg e os colinafosfatídios de 44 ± 5,7 para 31 ± 4,9 µg/mg. Os serinafosfatídios, os etanolaminafosfatídios e os esfingofosfatídios aumentaram, respectivamente de 58 ± 9,7 para 60 ± 8,5, de 72 ± 7,8 para 111 ± 15,7 e de 36 ± 4,9 para 63 7,1 µg/mg. Os ácidos graxos livres não se alteram significativamente, passaram de 1,7 ± 0,35 µEq/g, nos controles, para 1,8 ± 0,29 Eq/g nos animais infectados. Esses resultados padecem indicar que na fase inicial de esquistossomose mansônica hepática, antes da formação dos granulomas, são detectadas alterações importantes na constituição lipídica das membranas do compartimento lisossônico. Elas, talvez, sejam devidas a produtos catabólicos, excretados por vermes imaturos ou adultos, presentes em vasos do sistema portal.Aiming at investigating the changes on the lipidic constitution of hepatic lysosomal membranes at the initial phase of schistosomotic damage, mice have been infected with 30 cercarias and employed for essais in the 30th day if infection. The triacyglycerois decreased from 220 ± 48 µg/mg of total proteins in the control mice, to 165 ± 22µg/mg in the infected ones. Similarily, the free cholesterol, also decreased from 539 ± 80 to 396 ± 54 µg/mg; the cholesterol esters from 270 ± 35 to 216 ± 36 µg/mg and the phosphatidylcholines from 44 ± 5,7 to 31 ± 4,9 µg/mg. The phosphatidylserines the phosphatidylethanolamines and the

  17. Megabladder in experimental Chagas disease: pathological features of the bladder wall Mega bexiga na Doença de Chagas experimental. Caracteristicas patológicas da parede vesical

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciano Henrique Gazoni Scremin

    1999-04-01

    Full Text Available Mega-organs, primarily in the digestive tract, are well known to occur in chronic Chagas disease. Acute experimental infection with Trypanosoma cruzi results in parasitism of a wide range of cells, tissues, and organs, including the urinary bladder. Infection of BALB/c mice with 100,000 bloodstream forms of the Y strain of T. cruzi induced acute infection with intense parasitism of all layers of the urinary bladder. Parasites were found in the mucosa, lamina propria, muscular, adventitial connective, and fat tissue. Desquamate epithelial cells with amastigotes in the bladder lumen were also found. After 60 days of infection, mice inoculated with 50 bloodstream forms developed dilated, thin-walled bladders that had inflammatory infiltrates and foci of fibrosis replacing areas of damaged muscular layer. These lesions result from direct damage to the muscle fibers by the T. cruzi, leading to myosites, muscle damage, and scarring. Direct damage of paraganglia cells secondary to parasitism, leading to dilatation, damage of muscle fibers, and scarring with replacement of muscular tissue with connective tissue, should also be considered as a cause of functional disturbance of the urinary bladder.Os "mega-órgãos" na Doença de Chagas são bem conhecidos, especialmente os desenvolvidos no sistema digestivo. A infecção aguda apresenta parasitismo de diversas células, tecidos e órgãos, dentre eles a bexiga urinária. Camundongos Balb/c infectados com 100.000 formas sanguíneas de cepa Y de T. cruzi mostraram intenso parasitismo de todas camadas da bexiga urinária na fase aguda. Os parasitas foram encontrados na mucosa, submucosa, lâmina própria, muscular, adventícia e tecido adiposo, além das células descamadas para a luz do órgão. Para produzir a fase crônica, os animais foram inoculados com a mesma cepa, porém apenas inóculo com 50 formas sangüíneas. Após sessenta dias de infecção, detectamos dilatações da parede vesical, assim

  18. Evaluation of the antinociceptive and anti-inflammatory effects of the acetone extract from Anacardium occidentale L

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Frederico Argollo Vanderlinde

    2009-09-01

    Full Text Available The stem bark of Anacardium occidentale L. (Anacardiaceae, commonly called cashew, is used in Brazilian traditional medicine for the treatment of gastric and inflammatory disorders. The present study was carried out to investigate the in vivo anti-inflammatory activities of the acetone extract (AE of the stem bark of A. occidentale. We evaluated the pharmacological activities of this plant material through the analgesic, antiedematogenic and chemotaxic inhibitory effects produced by the AE. The oral administration (p.o. of mice with the AE (0.1, 0.3 and 1.0 g/kg or positive control indomethacin (10 mg/kg inhibited acetic acid-induced writhing by 18.9, 35.9, 62.9 and 68.9%, respectively (ID50% = 530 mg/kg. The highest dose of the AE was able to inhibit croton oil-induced ear edema formation by 56.8% (indomethacin at 10 mg/kg, p.o. - 57.6% inhibition. When submitted to the carrageenan-induced peritonitis test, the AE (0.1, 0.3 and 1.0 g/kg, p.o. impaired leukocyte migration into the peritoneal cavity by 24.8, 40.5 and 49.6%, respectively. The positive control, dexamethasone (2 mg/kg, s.c., inhibited leukocyte migration by 66.9%. These results indicate the presence of anti-inflammatory and antinociceptive principles in the acetone extract of Anacardium occidentale, and reinforce the plant's potential therapeutic use against pain and inflammatory diseases.As cascas do caule do Anacardium occidentale L. (Anacardiaceae, conhecido como cajueiro, são popularmente utilizadas no Brasil para o tratamento de doenças gástricas e inflamatórias. Este estudo teve como objetivo a avaliação farmacológica in vivo da atividade antiinflamatória do extrato acetônico (AE obtido das cascas do A. occidentale, investigando os efeitos analgésico, antiedematogênico e inibitório sobre a quimiotaxia deste material botânico. A administração oral (p.o. em camundongos com o AE (0,1; 0,3 e 1 g/kg ou o controle positivo indometacina (10 mg/kg inibiu as contor

  19. Isolamento, fracionamento e avaliação toxicológica in vivo de polissacarídeos sulfatados de Hypnea musciformis Isolation, fractionation and in vivo toxicological evaluation of sulfated polysaccharides from Hypnea musciformis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Ariévilo Gurgel Rodrigues

    2011-07-01

    Full Text Available Objetivou-se isolar, fracionar e avaliar a toxicidade in vivo dos polissacarídeos sulfatados (PSs da rodofícea Hypnea musciformis, quando obtidos por três métodos de extração (M I; M II e M III. Os PSs foram extraídos com papaína em tampão acetato de sódio 100mM (pH 5,0, contendo cisteína e EDTA (5mM (M I ou água (25-80°C (M II; 80°C (M III e, em seguida, determinados sua composição química de carboidratos totais, sulfato livre (SL e proteínas contaminantes (PCs. Os PSs foram submetidos à cromatografia de troca iônica (DEAE-celulose usando um gradiente de cloreto de sódio, sendo avaliado o grau de homogeneidade e densidade de carga por eletroforese em gel de agarose das frações obtidas e comparadas à heparina. O ensaio in vivo foi realizado em grupos (n=6 de camundongos Swiss machos e fêmeas (24-33g, os quais receberam: PSs (9mg kg-1; i.p. isentos do PCs (M I e salina 0,9% (0,1mL 10g-1; i.p., durante 14 dias consecutivos. No 15o dia, os animais foram anestesiados e sacrificados para coletas de sangue e órgãos, os quais foram utilizados para dosagens bioquímicas e correlações com suas massas corpóreas, respectivamente. O teor de SL (31,05±0,53% (P0,05.This study aimed to isolate, fractionate and evaluate the in vivo toxicity of sulfated polysaccharides (SPs from Hypnea musciformis (Rhodophyta, when obtained by three extraction methods (M I, M II and M III. SPs were extracted with papain in 100mM sodium acetate (pH 5.0 containing cysteine and EDTA (5mM (M I or water (25-80°C (M II, 80°C (M III, and then their chemical composition of total carbohydrates, free sulfate (FS and contaminant proteins (CPs was determined. SPs were submitted to ion-exchange chromatography (DEAE-celulose using a sodium chloride gradient, being the degree of homogeneity and charge density evaluated by agarose gel electrophoresis of the fractions obtained and compared to heparin. The in vivo assay was performed using groups (n=6 of male and

  20. Erisipelóide de Baker-Rosenbach

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aureo Guimarães de Macedo

    1970-10-01

    Full Text Available O erisipelóide de Baker-Rosenbach, embora assinalado no Brasil há 23, anos, por Sebastião Sampaio, seguido de nove casos estudados em 1951 por Lacaz e Ancona Lopes, não tem sido motivo de publicações posteriores. O A. teve ocasião de estudar seis casos, senão que três foram motivo de trabalho anterior e foram observados em 1953. Os três restantes, um de 1965 e dois de 1967, são aqui relatados. Assinala o A. a ubiquidade do germe, o Erysipelotrix rhusiopathiae e a variedade de condições em que o homem pode infectar-se, especialmente no exercício de determinadas profissões, o que dá à doença, caráter típico de doença profissional. São os operários de fábricas de botões ou em geral os que lidam com ossos, especialmente de porco ou carneiro, os açougueiros, magarefes, salsicheiros etc. São particularmente vulneráveis os que tratam com produtos do mar, pescadores, mercadores de siris, camarões, crustáceos, peixes em geral, pela facilidade com que se podem ferir e adquirir a infecção por picada ocasional. A doença atinge numerosos animais domésticos ou não, com formas clínicas bem definidas no porco (erisipela dos porcos, no carneiro (poliartrite dos carneiros, em animais de corte e de tração, em aves domésticas ou de rapina, ratos e camundongos, além de outros numerosos roedores. Moscas hematófagas e outros insetos têm sido encontrados infectados. Nunca é demais frisar que os produtos do mar são grande fonte de infecção humana. No homem, tem a dcença em geral, caráter benigno e localizado (erisipelóide, podendo em certas circunstâncias assumir característica septicêmica como no porco, produzir endocardite, como no carneiro além de outras formas clínicas e complicações. São resumidos no texto os três casos anteriormente apresentados e bem descritos os três inéditos, que têm história clínica e evolução típicas de erisipelóide. Tratando-se de doença com características tipicamente

  1. Biological and morphological characteristics of Schistosoma mansoni from Ribeira Valley, State of São Paulo, Brazil: I - susceptibility of Biomphalaria tenagophila snail to sympatric S. mansoni strain Características biológicas e morfológicas de cepa paulista de Schistosoma mansoni do Vale do Ribeira: I - suscetibilidade de Biomphalaria tenagophila do Vale do Ribeira, SP, a cepa simpátrica de Schistosoma mansoni

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Cristina Figueiredo

    1992-06-01

    Full Text Available In the São Paulo State, Brazil, where the Biomphalaria tenagophila is the intermediate host, the Ribeira Valley is an important endemic schistosomiasis mansoni area. During last eleven years there has been intense control measures focusing on schistosomiasis. The efforts have been concentrated in the municipalities of Pedro de Toledo and Itariri. We determined the susceptibility of B. tenagophila to sympatric strain of S. mansoni, both recently isolated from Itariri field. In 1988, this strain was isolated and maintained in the experimental model: Swiss mice - sympatric B. tenagophila. The second generation of the worm was evaluated. The snail were divided in the three groups of 60 snails each. One group was exposed to 1 miracidium and other to 10. The third group was the control. The mortality and the shedding of cercariae were checked during 78 days. After that, the positive snails were observed until they ceased to shed cercariae. The exposed molluscs showed mortality rates of 23% and 31% and infection indexes were of 8% and 60% to 1 and 10 miracidia respectively. The mortality was of 22% in the control group. The periods of shedding cercariae in the two groups were 82 and 104 days. We can conclude that B. tenagophila is an effective intermediate host to the sympatric strain of S. mansoni sympatric strainDentre as regiões do Estado de São Paulo, onde Biomphalaria tenagophila é hospedeira intermediária, o vale do Ribeira é área endêmica da esquistossomose. Nos últimos onze anos a endemia vem sendo intensamente controlada no vale, principalmente, nos municípios de Pedro de Toledo e Itariri. Estudamos a suscetibilidade de B. tenagophila de Itariri à linhagem simpátrica de Schistosoma mansoni, isolada do campo em 1988 e mantida no laboratório em camundongos suiço e B. tenagophila. Estudou-se a 2ª geração do trematódeo. Constituiram-se 3 grupos de 60 moluscos cada, sendo um grupo exposto a um miracídio e outro a 10 e um grupo

  2. Ética da pesquisa em modelos animais Research ethics in animal models

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ivan Dieb Miziara

    2012-04-01

    Full Text Available A utilização de animais em experimentos científicos é descrita desde o século V a.C. Avanços científicos na área da saúde são atribuídos a modelos animais. O status moral dos animais sempre foi debatido. OBJETIVOS: Este artigo visa à revisão histórica e resumo da legislação atual, para orientar pesquisadores ao utilizar modelos animais na pesquisa em otorrinolaringologia. MATERIAL E MÉTODOS: Pesquisa na base de dados Medline. RESULTADOS: no Brasil, por muitos anos não havia regulamentação para o uso de animais em experimentação. Eram seguidas normas de organizações nacionais e internacionais. Recentemente, foi sancionada a lei nº 11.794/08, que estabelece procedimentos para o uso científico de animais. Na otorrinolaringologia, os estudos com laringe utilizaram coelho, porco, cachorro, cobaias (Cavia porcellus e camundongo; estudos para face coelho, rato e cachorro; rinoplastia com coelho; e orelha interna com ratos e cobaias (albinas. CONCLUSÕES: Os pesquisadores envolvidos em trabalhos científicos com animais devem conhecer os princípios da lei nº 11.794/08 e pesquisar quais animais são apropriados para cada subárea estudada seus modelos com maior aplicabilidade. Os otorrinolaringologistas, especialmente aqueles que se dedicam à pesquisa, necessitam estar sempre atentos para o respeito às regras éticas de utilização de animais em seus estudos.The use of animals in scientific experiments has beendescribed since the fifth century BC. A number of scientific advances in health are attributed to animal models. The issue of the moral status of animals has always been debated. OBJECTIVES: This article aims to review and to present a historical summary of the current laws, to guide researchers who wish to use animal models in otolaryngology research. MATERIAL AND METHODS: Research on the medline database. RESULTS: For many years there were no laws ruling the use of animals in scientific experimentation in Brazil

  3. Resistência do vírus da gripe à ação oligodinâmica da prata Resistence of the influenza virus to the silver oligodynamic action

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J. Guilherme Lacorte

    1955-12-01

    Full Text Available Tentamos verificar, em algumas séries de experiências a ação oligodinâmica da prata sôbre o vírus da gripe, tipo A, amostra PR8 e tipo A-primo, amostra DL Rio empregando, para tal fim, recipientes, ora recobertos internamente, em delgadíssima camada, pela prata metálica ora contendo-a, sob a forma de pó, de mistura com o próprio material que constitui as paredes do frasco. Neste foi colocado o líquido alantóide contendo vírus verificando-se, de tempos em tempos, o seu poder patogênico para camundongos brancos e a persistência do seu poder hemaglutinante. Pelos resultados acima expostos vê-se que o referido vírus nada sofreu pela ação oligodinâmica da prata, nas condições experimentais descritas ao passo que, concomitantemente a mesma teve efeito ràpidamente mortal para bactérias pertencentes às espécies Micrococcus pyogenes e Escherichia coli. Assim sendo, logo se destaca a importância do fenômeno observado sabendo-se, além do mais, que a ação oligodinâmica, letal ou nociva, se tem verificado sôbre os sêres vivos em geral. Verificamos ainda, no decorrer dessas experiências, que a junção de bactérias não alterou a atividade do vírus quer as mesmas se encontrassem vivas quer mortas. As nossas pesquisas prosseguem com outros vírus, os mais diversos, cumprindo-nos salientar, desde logo, que o processo poderá ser empregado para o isolamento dêsses agentes conforme já o verificamos para o da gripe, em experiência acima descrita. Será uma das decorrências práticas da observação que fizemos, dependendo, as demais, de puro interêsse biológico, de investigações subseqüentes, baseadas na observação inicial que ora apresentamos.In some experiments we tried to verify the silver oligodynamic action upon the influenza vírus, A type, PR8 strain and A-prime, DL Rio strain. In the tests we used clay pitchers covered in the inside parte with a thin layer of silver or with powdered silver mixed into the

  4. Teste de hemaglutinação na sorologia da malária humana empregando hemácias parasitadas pelo Plasmodium berghei

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Carmen Arroyo Sanchez-Ruiz

    1985-06-01

    Full Text Available Foi padronizado um teste de hemaglutinação para a sorologia da malária humana, com reagente constituído de suspensão de hemácias de camundongos infectadas pelo Plasmodium berghei e preservadas por fixação aldeídica. Em pacientes com parasitemia por P. falciparum ou P. vivax obteve-se uma sensibilidade de 98,9% nos 88 casos estudados, o teste apresentando títulos entre 40 e 640. Para o grupo de 476 soros de indivíduos não-maláricos, obteve-se uma especificidade de 96,0%. O teste apresentou elevada reprodutibilidade, mesmo para diferentes lotes de antígenos. Nos 200 soros, obtidos ao acaso, de indivíduos de área endêmica, o teste apresentou positividade de 48,5%, contra 88,0% do teste de imunofluorescência-IgG. A baixa positividade pode ser devida a que o teste de hemaglutinação detecta anticorpos IgM. Após tratamento com 2-mercaptoetanol, todos os soros de pacientes com parasitemia tornaram-se não reagentes. Em relação ao teste de imunofluorescência-IgG, o teste de hemaglutinação apresentou índice de co-positívidade de 0,989 para os soros de maláricos com parasitemia. Para os soros de não-maláricos o teste de hemaglutinação apresentou índice de co-negatividade de 0,969. Por outro lado, no grupo de soros de área endêmica, o índice de co-positividade foi de 0,528 e o de co-negatividade, de 0,833.A hemagglutination test is described for human malaria serodiagnosis with aldehyde-fixed Plasmodium berghei infected mouse erythrocytes. In patients with a P. falciparum or P. vivax patent parasitemia positive results were seen in 98.9% ofthe 88 cases tested. Titres rangedfrom 40 to 640. A 96.0% specificity wasfoundfor 476 non-malarialpatients. A close reproducibility was observed forthe test, even for dijferent reagent batches. The test was positive in 48.5% of 200 residents in malaria endemic areas, taken at random. These subjects showed 88.0% positivity of the IgG-immunofluorescence test. This lower positivity for

  5. Um possível mecanismo de ação para o efeito anticonvulsivante do p-cimeno

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Talita Mendes de Oliveira

    2014-01-01

    Full Text Available O presente estudo teve como objetivo investigar o efeito anticonvulsivante do p-cimeno (CIM, bem como verificar a concentração das monoaminas (dopamina (DA, noradrenalina (NA, serotonina (5-HT, e seus metabólitos (ácido dihidroxifenilacético (DOPAC, ácido homovanílico (HVA e ácido 5-hidroxi-indol-acético (5- HIAA no hipocampo de camundongos tratados com cloridrato de pilocarpina 400 mg/kg (P400; i.p. e nos grupos tratados com a associação de CIM (50, 100 ou 150 mg/kg e P400. Nesse estudo foi avaliada a latência para a primeira crise epiléptica e a taxa de mortalidade. Os resultados revelaram que o CIM produziu um aumento na latência para primeira crise epilética, bem como promoveu uma proteção significativa contra a mortalidade induzida pelo processo convulsivo. O monoterpeno nas doses testadas também foi capaz de produzir um aumento da latência para instalação do estado de mal epilético induzido por pilocarpina. Além disso, durante os estudos para identificar o mecanismo de ação nenhum dos efeitos do p-cimeno nesse modelo foram bloqueados pelo pré-tratamento com atropina. Complementando os estudos para identificar o provável mecanismo de ação do p-cimeno, foi verificado que os efeitos desse monorterpeno foram revertidos pelo flumazenil, um antagonista do sistema GABAérgico, sugerindo que esse monoterpeno pode atuar por meio desse sistema. Também, em nossos resultados também foi visto uma diminuição dos níveis de DA e um aumento do conteúdo de seus metabólitos (DOPAC e HVA durante as crises epilépticas. Por outro lado foi detectado um aumento na concentração de NA e 5-HT, e uma diminuição no metabólito da 5-HT (5- HIAA durante as crises epilépticas. Dessa forma, o CIM na presença do estímulo convulsivo, reverte os efeitos produzidos nos níveis das monoaminas e seus metabólitos observados durante as crises epilépticas, sugerindo que este monoterpeno produz efeito anticonvulsivante por meio da

  6. In vivo evaluation of anticlastogenicity of extracts from medicinal plants of Miconia genus using the micronucleus test Avaliação in vivo da anticlastogenicidade de extratos de plantas medicinais do gênero Miconia através do teste do micronúcleo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ilce Mara S. Cólus

    2008-10-01

    órmico de M. albicans em células da medula óssea de camundongos na dose de 540 mg/kg p.c. Os extratos foram administrados via gavage e a ciclofosfamida (CPA foi aplicada intraperitonealmente 1h, após a suplementação com os extratos. Todos os animais foram submetidos à eutanásia 30h após o tratamento. As células analisadas foram retiradas da medula óssea de acordo com protocolo descrito por Schmid (1975. A citotoxicidade dos extratos foi avaliada pela percentagem de eritrócitos policromáticos (PCE em 200 eritrócitos (PCE + NCE. Foram analisados 2000 PCEs por animal e anotadas as freqüências de MNPCEs. Os resultados obtidos mostraram que nenhum dos extratos associados à CPA apresentou efeito citotóxico e somente os extratos de M. rubiginosa, M. stenostachya mostraram efeito protetor ao DNA. A análise química dos extratos mostrou que as quatro espécies estudadas contêm, principalmente, flavonóides, compostos fenólicos e taninos. A caracterização fitoquímica desses extratos poderia contribuir para elucidação do efeito protetor apresentado somente pelas espécies M. rubiginosa e M. stenostachya, além de possibilitar o estudo de outras possíveis atividades terapêuticas.

  7. Kint3-4 protein from human plasminogen delays Ehrlich tumor growth in mice Efeito da proteína Kint3-4 do plasminogênio humano no crescimento do tumor de Ehrlich

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristina Maria de Souza

    2011-08-01

    Full Text Available INTRODUCTION AND OBJECTIVE: Kint3-4 protein, originated from a genetic recombination of K1-3 and K1-4 human plasminogen segments, is recognized for its antiangiogenic and anti-inflammatory potential. This study aimed to evaluate the effect of Kint3-4 protein on tumor development in Swiss mice previously inoculated with Ehrlich tumor cells. METHODS: The protein fragment was obtained from Pichia pastoris cloning and transformation. After tumor cell inoculation three different protocols were used to assess tumor growth: beginning (0-6 days, peak (0-12 days and after peak (0-18 days. We analyzed tumor growth, histomorphological characteristics and immunohistochemistry by use of CDC47 (cellular proliferation marker and CD31 (blood vessel marker. RESULTS: Animals treated with Kint3-4 protein (150 µg/kg/48 h showed lower tumor growth in all protocols. Based on histological assessment, inflammation and tumor areas were also reduced. Moreover, both the lowest rate of tumor cell proliferation and low microvessel density were observed in animals treated with Kint3-4 protein compared with the untreated control group. CONCLUSION: The effect of Kint3-4 recombinant protein on tumor angiogenesis and control of malignant cell proliferation enhances the prospects of its use in clinical and antiangiogenic treatment.INTRODUÇÃO E OBJETIVO: A proteína Kint3-4 originou-se a partir de uma recombinação genética dos segmentos K1-3 e K1--4 do plasminogênio humano e é reconhecida por seu potencial anti-inflamatório e antiangiogênico. Este estudo teve como objetivo avaliar o efeito da proteína Kint3-4 no desenvolvimento de tumores em camundongos inoculados com células do tumor de Ehrlich. MÉTODOS: O fragmento de proteína foi obtido por uma técnica de clonagem e transformação de Pichia pastoris. Três diferentes protocolos foram avaliados após a inoculação das células tumorais: no início (0-6 dias, no pico (0-12 dias e após o pico (0-18 dias de

  8. Aspectos epidemiológicos, clínicos e distribuição das lesões histológicas no encéfalo de bovinos com raiva Epidemiology, clinical signs and distribution of lesions in the brain of rabid cattle

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ingeborg Maria Langohr

    2003-02-01

    Full Text Available Foram determinados o tipo, a distribuição e a intensidade das alterações histopatológicas no encéfalo de 25 bovinos com sinais clínicos neurológicos confirmados como casos de raiva pela imunofluorescência direta ou inoculação em camundongos. Foram examinadas secções do encéfalo que incluíram bulbo na altura do óbex, ponte e pedúnculos cerebelares, cerebelo, mesencéfalo na altura dos colículos rostrais, diencéfalo e telencéfalo na altura dos corpos mamilares, e telencéfalo na altura do córtex frontal. A medula cervical foi também examinada em sete desses casos. A duração do curso clínico foi, em média, cinco dias e se caracterizou por paresia ascendente. Não foram observados achados de necropsia específicos. Microscopicamente, o tronco encefálico, o cerebelo e a medula cervical foram mais afetados que o tálamo e o telencéfalo (inluindo o hipocampo. O tipo de lesões era característico de encefalites por infecção viral e incluía encefalomielite não-supurativa com degeneração neuronal, gliose nodular e infiltrado mononuclear perivascular. Corpúsculos de Negri foram encontrados em 17 (68% dos encéfalos examinados. A intensidade e a distribuição das lesões observadas foram correlacionadas com os sinais e a duração da doença clínica.The type, distribution and intensity of the histopathological changes were determined in the brain of 25 cattle which had neurological signs and were confirmed as rabies cases by direct immunofluorescent antibody or biological assay in mice. Sections of the brain examined included medulla at the obex; pons and cerebellar peduncles/ cerebellum; mesencephalon at the level of rostral colliculi; diencephalon and telencephalon through the mamillary bodies; and telencephalon at the level of frontal cortex. The cervical spinal cord was also examined in seven of those cases. The duration of clinical course averaged five days and was characterized by ascendent paresia. Specific

  9. Synthesis, quality control and dosimetry of the radiopharmaceutical 18F-sodium fluoride produced at the Center for Development of Nuclear Technology - CDTN

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marina Bicalho Silveira

    2010-09-01

    Full Text Available 18F-Sodium fluoride (Na18F is a radiopharmaceutical used for diagnosis in nuclear medicine by positron emission tomography (PET imaging. Bone scintigraphy is normally performed using 99mTc-MDP. However, 18F PET scans promise high quality imaging with increased resolution and improved sensitivity and specificity. In order to make available a tool for more specific studies of tumors and non-oncological diseases of bone tissue, the UPPR/CDTN team undertook the production and quality control of Na18F injectable solution with the physical-chemical, microbiological and biological characteristics recommended in the U.S. Pharmacopeia. Na18F radiochemical purity was 96.7 ± 1.3 %, with Rf= 0.026 ± 0.006. The product presented a pH of 5.3 ± 0.6, half life of 109.0 ± 0.8 minutes, endotoxin limit O Fluoreto de sódio 18F (Na18F é um radiofármaco empregado para diagnóstico através da Tomografia por Emissão de Pósitrons (PET. Cintilografias ósseas são normalmente obtidas utilizando-se 99mTc-MDP. Entretanto, o interesse pelo Na18F é crescente, principalmente devido à obtanção de imagens de elevada resolução. Com o objetivo de tornar disponível uma ferramenta mais específica para estudos de tumores e doenças não-oncológicas do tecido ósseo, o grupo da UPPR/CDTN implementou a produção e o controle de qualidade da solução injetável de Na18F com as características físico-química, microbiológica e biológica preconizadas pela farmacopéia. Sua pureza radioquímica foi de 96,7 ± 1,3 %, com Rf= 0,026 ± 0,006. O produto apresentou pH igual a 5,3 ± 0,6, tempo de meia-vida de 109,0 ± 0,8 minutos, limite de endotoxinas < 5,0 EU.mL-1 e ausência de microrganismos. O perfil de biodistribuição em camundongos foi semelhante ao disponível na literatura, com depuração igual a 0,19 mL.min-1 e volume de distribuição igual a 18,76 mL. A concentração máxima (5,0 ± 0,5 % DI.g-1 foi observada no osso 20 minutos após a injeção. O Na18

  10. The role of behavior in the survival of Biomphalaria glabrata in biossays with the plant molluscicide Phytolacca dodecandra O papel do comportamento na sobrevivência de Biomphalaria glabrata submetida a bioensaios com o moluscicida vegetal Phytolacca dodecandra

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P. Jurberg

    1988-03-01

    Full Text Available This work examines the role of behavior in the survival of Biomphalaria glabrata exposed to 25, 50 75 and 100 mgl-1 of Phytolacca dodecandra. Time-lapse cinematography was used to quantify accurately the following parameters: (a frequency of exits from the solution, (b time spent out of the solution and (c time elapsed until the first exit from the solution. These behavior patterns were statistically compared between surviving snails and those which later died. The proportion of surviving snails leaving the liquid medium was significantly higher than that of dying snails. In addition, the surviving group spent significantly more time out of the solution than the group which died, except for the 100 mgl-1 concentration. However, no significant difference was detected in the time elapsed until the first exit from the solution. It can be concluded that both the tendency to leave the P. dodecandra solutions, and the time spent out of them, contributed significantly to snail survival. Molluscicide bioassays should take into account the possibility that some behavior patterns of planorbids might contribute to the protection of the snails.Este trabalho investiga o papel do comportamento na sobrevivência de Biomphalaria glabarta exposta a 25, 50, 75 e 100 mgI-1 de Phytolacca dodecandra. Foi utilizada a técnica de cinematografia com lapso de tempo para quantificar acuradamente os seguintes parâmetros (a freqüência de saídas da solução, (b tempo de permanência fora da solução e (e tempo decorrido até a primeira saída da soluçao. Estes padrões comportamentais foram estatisticamente comparados no que se refere aos caramujos sobreviventes e aos que vieram a morrer. Dentre os camundongos que abandonaram o meio líquido, a proporção de sobreviventes foi significativamente maior que a de mortos. Além disso, um tempo significativamente maior de permanência fora da solução foi observado no grupo que sobreviveu, em relação ao grupo que veio

  11. Técnicas de coloração para detecção de Encephalitozoon cuniculi em cortes histológicos Stain techniques for detection of Encephalitozoon cuniculi in tissue sections

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Anete Lallo

    2010-11-01

    Full Text Available No presente trabalho, foram avaliadas diferentes técnicas de coloração aplicadas a cortes histológicos para a identificação de Encephalitozoon cuniculi. Foram utilizados fragmentos hepáticos de camundongos Balb-c, imunossuprimidos com ciclofosfamida e inoculados com esporos de Encephalitozoon cuniculi. Os cortes histológicos incluídos em parafina foram corados pelas técnicas de hematoxilina-eosina (H-E, tricrômica modificada, Gram-Chromotrope, Giemsa, Brown-Hopps, PAS, Ziehl-Neelsen e Grocott, e ainda pela técnica de calcoflúor. As colorações azul de toluidina-fucsina e azul de toluidina foram utilizadas para os cortes incluídos em resina plástica. As técnicas de Gram-Chromotrope, Brown-Hopps e Ziehl-Neelsen foram as que permitiram melhor visualização dos esporos para o diagnóstico de E. cuniculi em cortes histológicos incluídos em parafina, uma vez que possibilitaram a clara diferenciação dos esporos de outras estruturas teciduais. Nos tecidos incluídos em resina plástica, as colorações de azul de toluidina-fucsina e azul de toluidina também facilitaram o encontro do agente. Por outro lado, a técnica tricrômica apresentou grande variabilidade nos resultados, sendo, portanto, pouco indicada para o diagnóstico em tecido. As demais técnicas - H-E, calcoflúor, Grocott, Giemsa e PAS - não permitiram a fácil identificação do E. cuniculi.In this study, it was investigated different staining techniques applied to histological sections for identification of Encephalitozoon cuniculi. It was used liver fragments from Balb-c mice immunosuppressed with cyclophosphamide and inoculated with spores of Encephalitozoon cuniculi. The histological paraffin embedded sections were stained with hematoxylin-eosin (H-E, modified trichrome, Gram-Chromotrope, Giemsa, Brown-Hopps, PAS, Ziehl-Neelsen, and Grocott and also by the technique of calcofluor. Toluidine blue-fuchsin and toluidine blue stainings were used for the cuts

  12. Comparative biodistribution profile of [131I]VIP and [131I]VIP10-28

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Tereza Colturato

    2005-10-01

    Full Text Available Various tumor cells express significantly higher amounts of VIP receptors (VIPR that provided the basis for the clinical use of radiolabeled VIP for the in vivo localization of tumors. This work studied the labeling of VIP and VIP10-28 with iodine-131 to compare the biological distribution of the labeled compounds in Nuce mice and the affinity for tumor cells. Both VIP and VIP10-28 peptides contain two tyrosine residues, in positions 10 and 22, that are theoretically equally susceptible to radioiodination employing oxidative electrophilic substitution using oxidizing agents like Chloramine T. Radiochemical purity of the reaction mixture was determined by electrophoresis and HPLC. The VIP peptide and the fragment were labeled with radioiodine with good radiochemical yield (above 96%. Suitable, but important differences can be observed in biological distribution studies. Comparatively, blood clearance was faster for labeled VIP and perhaps because of this, the uptake in tumor was lower, especially during the first hour. These differences observed in the biological distribution of the compounds can be related to the lipophilicity of the labeled compounds.Várias células tumorais expressam significantemente uma alta quantidade de receptores VIP (VIPR que determinam a base para o uso clínico de VIP radiomarcado para localização de tumores in vivo. Foi estudado neste trabalho a marcação do VIP e do fragmento VIP10-28 com iodo-131 comparando a distribuição biológica dos compostos marcados em camundongos Nude e sua afinidade pelas células tumorais. Ambos os peptídeos, VIP e VIP10-28. contém dois resíduos de tirosina nas posições 10 e 22, que teoricamente são igualmente susceptíveis pela substituição eletrofílica oxidativa do radioiodo utilizando Cloramina T como agente oxidante. A pureza radioquímica da mistura de reação foi determinada por eletroforese e cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE. O VIP e fragmento foram

  13. Influência do óleo de Copaifera langsdorffii no reparo de ferida cirúrgica em presença de corpo estranho Influence of Copaifera langsdorffii oil on the repair of a surgical wound in the presence of foreign body

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael C. Vieira

    2008-08-01

    Full Text Available A Copaifera langsdorffii é uma leguminosa nativa do Brasil, da qual pode ser extraído um óleo, popularmente conhecido como óleo de copaíba. Este óleo é amplamente utilizado para tratamento de feridas cutâneas por ser reconhecido como antiinflamatório e cicatrizante. Apesar disso, poucas comprovações científicas do verdadeiro efeito terapêutico desta planta medicinal foram produzidas. O objetivo desse trabalho foi avaliar o efeito do tratamento tópico com C. langsdorffii no processo de reparo quando um corpo estranho é o indutor da inflamação. Para isso, 60 camundongos da linhagem BALB/c foram submetidos à incisão cirúrgica linear de 1cm no dorso para realizar o implante de uma lamínula de vidro com 12mm de diâmetro no tecido subcutâneo. Quatro tratamentos para a ferida foram estabelecidos: controle (C tratado com solução salina estéril, controle veículo (CV tratado com óleo mineral estéril, tratamento 1 (T1 tratado com diluição (v:v de óleo mineral estéril e óleo de C. langsdorffii, tratamento 2 (T2 tratado com óleo de C. langsdorffii puro. As avaliações foram realizadas em períodos de tempo pré-determinados (1, 3, 5, 7 e 14 dias. Era possível perceber características da fase proliferativa como a reepitelização, a presença de fibroblastos e a neovascularização, porém os grupos tratados com o óleo (T1 e T2 não apresentavam reepitelização aos três dias. Esses grupos aos 5 e 7 dias apresentavam no exame macroscópico maior intensidade de edema, hiperemia e permanência de crostas. Na microscopia, a reepitelização ainda não estava completa e a crosta era serocelular. Nos grupos C e CV, apesar de discreta, era predominante a presença de mononucleares, enquanto nos grupos T1 e T2 o infiltrado inflamatório era misto e com maior intensidade que nos outros grupos. Quatorze dias depois da incisão cirúrgica, os aspectos macroscópicos dos grupos C e CV eram semelhantes e os grupos T1 e T2, apesar

  14. Terapia celular em doenças pulmonares: existem perspectivas? Cell therapy in pulmonary diseases: are there perspectives?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João T. Ribeiro-Paes

    2009-05-01

    Full Text Available A terapia celular poderia ser conceituada de forma ampla e genérica como o emprego de células para tratamento de doenças. Apesar de um número não tão expressivo de relatos tendo o pulmão como objeto de estudo na terapia celular em pacientes humanos, há dados consistentes da literatura, tanto em humanos, quanto em modelos animais,que evidenciam a migração de células-tronco da medula óssea para o pulmão,em diferentes situações experimentais. Esses resultados forneceram o embasamento experimental para o emprego de células-tronco na regeneração do tecido pulmonar em modelos animais. Em nosso laboratório, vários projetos de pesquisa têm sido conduzidos com a finalidade de avaliar a resposta pulmonar (morfológica e funcional ao tratamento com células-tronco adultas em camundongos com doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC induzida experimentalmente. Os resultados obtidos, aliados àqueles de outros grupos de pesquisa, permitem aventar a possibilidade de aplicação, a curto prazo, da terapia celular em pacientes com DPOC. Em outra patologia pulmonar, fibrose cística (FC, cuja abordagem terapêutica com células-tronco apresenta aspectos particulares em relação às patologias pulmonares crônico-degenerativas, há avanços promissores e potencialmente interessantes; no entanto, os resultados podem ser considerados incipientes e deve-se assinalar, portanto, que a associação da terapia gênica e celular apresenta-se como uma alternativa possível, mas ainda muito distante quanto à sua consolidação e incorporação como opção terapêutica segura e eficaz em FC. Por outro lado, tendo por embasamento os resultados obtidos em modelos experimentais, é possível postular que a terapia celular com células-tronco hematopoéticas (ou de outras fontes encerra perspectivas consistentes de aplicação em diversas outras patologias pulmonares humanas, especialmente em DPOC.Cell therapy can be briefly described as the use of

  15. Efetividade da vacina antiamarílica 17D: uma avaliação epidemiológica em serviços de saúde Efficacy of the 17D yellow fever vaccine: an epidemiologic evaluation in health services

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Henrique Leonardo Guerra

    1997-08-01

    Full Text Available O objetivo do presente estudo foi avaliar a efetividade da vacina antiamarílica 17D nas condições de sua utilização pelos serviços de saúde pública. Em 1989, um estudo prospectivo não-concorrente foi desenvolvido em Bocaiúva, Estado de Minas Gerais, Brasil, 6 meses após vacinação em massa da população. A população-alvo do estudo foi constituída por estudantes matriculados no primeiro grau em todas as escolas situadas em Bocaiúva. O grupo exposto foi constituído por uma amostra probabilística simples de estudantes vacinados (n = 173 e o grupo não-exposto foi constituído por todos aqueles não submetidos à vacinação (n = 55. Os soros foram examinados pelo teste da neutralização em camundongos; estes exames foram realizados às cegas, ou seja, o examinador desconhecia a situação vacinal do paciente. Os resultados da sorologia foram os seguintes: entre os vacinados, 75% eram soropositivos, 17% soronegativos e 7% apresentaram exame inconclusivo; entre os não-vacinados estes resultados foram de 9, 87 e 4%, respectivamente. A razão de soropositividades entre vacinados e não-vacinados, ajustada pela idade, foi 7,6 (IC95%: 3,4 a 16,7. A fração da soropositividade atribuível à vacinação, ajustada pela idade, foi 86,8% (IC95%: 70,6 a 94,0. Os resultados mostram que a efetividade da vacinação, definida através da soropositividade para o vírus, ficou abaixo dos níveis esperados para a vacina 17D. Isto pode ter sido conseqüência de falhas operacionais na conservação ou aplicação da vacina. Nossos resultados apontam para a necessidade de avaliações sistemáticas na rotina dos serviços de saúde após a utilização em massa da vacina.The purpose of this study was to evaluate the efficacy of the 17D yellow fever vaccine in the conditions under which it is used in public health services. In 1989, a nonconcurrent prospective study was carried out in Bocaiúva, Minas Gerais State, Brazil, 6 months after mass

  16. Células T regulatórias naturais (T REGS em doenças reumáticas Natural regulatory T cells in rheumatic diseases

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wilson de Melo Cruvinel

    2008-12-01

    Full Text Available O sistema imune sadio deve manter o balanço entre a capacidade de responder a agentes infecciosos e de sustentar a autotolerância. A ausência de resposta adequada submete o indivíduo aos efeitos deletérios da invasão por patógenos, ao passo que o sistema respondendo de modo exacerbado pode gerar respostas inflamatórias prejudiciais. Acreditava-se que os mecanismos de deleção clonal e anergia fossem os mecanismos essenciais no controle de clones de linfócitos T auto-reativos. Apesar das evidências funcionais a favor da existência de células T supressoras, por muitos anos a imunologia falhou em identificar suas características fenotípicas e confirmar sua existência, motivo pelo qual o tema passou por longo período de descrédito. A recente demonstração de diferentes fenótipos de células, agora chamadas células T regulatórias, reintroduziu o paradigma de que a auto-reatividade é ativamente regulada também por subtipos particulares de linfócitos. Este tema é de grande interesse contemporâneo e a literatura está repleta de estudos descrevendo novos subtipos de células regulatórias, bem como a função, o fenótipo e a freqüência em condições fisiológicas e patológicas. Nesse universo, destaca-se o subtipo mais importante de células com função imunorregulatória, conhecido como células T regulatórias naturais (T REGS. Representando cerca de 5% dos linfócitos T CD4 do sangue periférico, são células caracterizadas pela expressão constitutiva das moléculas FOXP3, GITR, CTLA-4 e altos níveis de CD25. As alterações deletérias nesta população resultam o desencadeamento de doenças auto-imunes em camundongos, muito semelhantes às doenças auto-imunes humanas. A presente revisão aborda os conhecimentos básicos sobre as T REGS e seu estudo em doenças reumáticas de classificação auto-imune, abrindo perspectivas para o entendimento dos mecanismos de regulação periférica e sobre a fisiopatologia

  17. A proposal of multiplace hyperbaric chamber for animal experimentation and veterinary use Uma proposta de câmara hiperbárica para uso em animal de experimentação e uso veterinário

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabrício Valandro Rech

    2008-08-01

    últipla para animais de pequeno porte (camundongos, ratos, hamsters, coelhos ou gatos. O atendimento às especificações técnicas deve permitir a sua utilização tanto para uso veterinário quanto para uso em experimentação em Ciências da Saúde. RESULTADOS: Uma câmara com as seguintes características foi construída: aço ASTM A36 para a confecção do cilindro principal e tampo traseiro, tampo frontal (porta construído em alumínio 5052, diâmetro interno de 50,5cm e 83,0cm de comprimento; peso de 160Kg e espaço interno de 150cm³; espaço para acomodar 2 cestas de acrílico de 150mm de altura, 280mm de largura e 690mm de comprimento; capacidade para suportar um máximo de pressão hidrostática teste de 3,0BAR ou 4,0 ACT e uma pressão máxima de trabalho de 2,0 BAR ou 3,0 ACT; equipado com dispositivos e válvulas de segurança que disparam com carga de 2,2 BAR ou 3,2 ACT. Os testes de engenharia e de uso biológico com animais mostraram a efetividade do equipamento. CONCLUSÃO: O desenvolvimento do projeto permitiu a confecção de uma câmara hiperbárica com características de segurança e confiabilidade comparável às exigidas pelas especificações técnicas e legais de uma câmara para tratamento hiperbárico.

  18. Susceptibilidade de animais de laboratório à intoxicação por Ateleia glazioviana (Leg. Papilionoideae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leite Lenir G.

    2002-01-01

    Full Text Available Coelhos, cobaias, ratos e camundongos foram utilizados com a finalidade de reproduzir a forma cardíaca da intoxicação por Ateleia glazioviana. Quatro animais de cada espécie receberam por 4 meses a planta, secada à sombra, na concentração de 10% na ração, fornecida na forma de pelets. Os pelets foram preparados misturando 700 g de ração comercial, 200 g de amido de milho, 1000 ml de água destilada e 100 g de planta seca e, posteriormente, secados em estufa a 100ºC, durante 16 a 20 horas. Quatro animais de cada espécie serviram como testemunhas, recebendo a ração preparada da mesma forma, porém com a utilização de azevém (Lolium multiflorum em lugar de A. glazioviana. Era fornecida água à vontade e, para os coelhos e cobaias, também aveia (Avena sativa verde diariamente. Esses animais não apresentaram nenhuma alteração clínica, e foram pesados semanalmente nas últimas 5 semanas do período experimental, não apresentando diferença significativa no ganho de peso. À necropsia não foram observadas alterações macroscópicas e pelo exame histológico também não foram detectadas lesões significativas no coração e em outros órgãos. Para testar a atividade abortiva de A. glazioviana, ração contendo 10% de planta seca, preparada da mesma forma que no experimento anterior, foi administrada a 11 outros ratos, fêmeas, prenhes, nos dois últimos ter��os da gestação. Um grupo controle de 11 fêmeas recebeu a ração com azevém a 10%, durante o mesmo período. Esses animais tiveram filhotes normais e no prazo correto. Para determinar a possível perda de toxidez da planta durante a preparação dos pelets, A. glazioviana foi aquecida por 16 a 20 horas a 100ºC e, posteriormente, administrada a um ovino em 26 doses diárias de 2,65 g/kg de planta seca. Durante o período experimental, a ovelha apresentou batimentos cardíacos mais fortes, taquicardia e arritmia cardíacas, depois bradicardia e, no período final

  19. Assessment of sewage water as carrier of pathogenic organisms to cattle/ Ensaio com águas poluídas como veiculadoras de patógenos para bovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valdair Josino Carvalho Landin

    2001-08-01

    que beberam água do córrego Cerradinho mostraram-se positivos; d embora as análises parasitológicas mostrem que as águas do córrego estejam carreando ovos do gênero Taenia, a presença de um animal soropositivo e de outro com Cysticercus bovis na musculatura, ambos do grupo que recebeu água potável, sugerem infecção desses animais na propriedade de origem; e os testes sorológicos não evidenciaram transmissão de Leptospira spp, Brucella spp, Neospora caninum ou de Toxoplasma gondii aos bovinos e, a bioprova conduzida em camundongos, objetivando o diagnóstico de T. gondii, confirmou o resultado sorológico; f os resultados obtidos pelos exames sorológicos e pelos critérios do Serviço de Inspeção Federal apresentaram apenas 6,25% de reciprocidade de diagnósticos.

  20. Predictive factors of breast cancer evaluated by immunohistochemistry Fatores preditivos do câncer de mama avaliados pela imuno-histoqu��mica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Helenice Gobbi

    2008-04-01

    melhorar os resultados da IHQ, porém não recupera tecidos com autólise ou com excessiva fixação. A escolha do anticorpo primário para a IHQ, considerando sua sensibilidade e sua especificidade de acordo com a resposta terapêutica, representa uma importante etapa. Além de anticorpos monoclonais de camundongo, novos anticorpos monoclonais de coelho são comercialmente disponíveis, tais como clones SP1 e B644 anti-RE, SP2 e B645 anti-RP, e SP3 e 4B5 anti-Her2. Eles representam uma alternativa para avaliação de receptores hormonais e Her2 através da IHQ. Novos sistemas de detecção poliméricos não-biotinilados também são disponíveis e permitem marcação exata e forte sem marcação estromal ou citoplasmática inespecífica devido à biotina endógena. O cut off mais recomendado para receptor de estrogênio (RE e receptor de progesterona (RP é acima de 1% de células positivas com marcação moderada ou forte (sistema de escore de Allred. Novas recomendações para avaliação de Her2 através da IHQ apontam um cut off de mais de 30% de células positivas com marcação forte (3+, que melhor se relaciona com amplificação gênica. Os casos 2+ são agora considerados indeterminados e devem ser confirmados por hibridação in situ por fluorescência (FISH ou hibridização in situ colorimétrica (CISH. Um controle de qualidade de fases pré-analítica, analítica e pós-analítica da IHQ é recomendado para a otimização dos resultados.

  1. Rabbit antibodies for hormone receptors and HER2 evaluation in breast cancer Anticorpos de coelho para avaliação de receptores hormonais e HER2 em câncer de mama

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael Malagoli Rocha

    2009-01-01

    Full Text Available BACKGROUND: Novel rabbit monoclonal antibodies (RabMab for estrogen (ER, progesterone (PR receptors and HER2 evaluation by immunohistochemistry have recently been commercially released. We compared the RabMab anti-ER, anti-PR and anti-HER2 to mouse monoclonal antibodies (Mab using tissue microarrays (TMA of breast carcinomas. METHODS