WorldWideScience

Sample records for camundongos isogenicos imunizados

  1. Immune response in mice immunized with acidic antigenic fractions from Trypanosoma cruzi cytosol Resposta imune em camundongos imunizados com a fração ácida antigênica do Citosol do Trypanosoma cruzi

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Susana Gea

    1992-10-01

    Full Text Available The humoral and cellular immune responses as well as the resistance to infection with bloodstream forms of T. cruzi were studied in mice immunized with acidic antigenic fractions from parasite cytosol, F III and F IV, plus Bordetella pertussis as adjuvant. The immunization with F III induced positive ITH and DTH responses to homologous antigens. In mice immunized with F IV, the ITH was negative and four out of six animals presented positive DTH reactions. In both groups of mice the analysis of IgG aginst T. cruzi showed that the major isotype elicited was IgG1. Specific IgE was also detected in sera from F III immunized mice, thus confirming the presence of homocytothropic antibodies. The parasitemias reached by F III and F IV immunized mice after challenge were lower than those of the controls showing in this way a partial protection against the acute infection. The histological studies of heart and skeletal muscle performed two months after the infection revealed variable mononuclear infiltration in all infected mice despite immunization.As respostas humorais e celulares, assim como a resistência à infecção a formas sanguícolas do T. cruzi foram estudadas em camundongos imunizados com as frações antigênicas ácidas do Citosol parasitário, F III e F IV com Bordetella pertussis como adjuvante. A imunização com F III induziu respostas positivas ITH e DTH aos antígenos homólogos. Em camundongos imunizados com F IV o ITH foi negativo e quatro dos seis animais apresentaram reações DTH positivas. Em ambos os grupos de camundongos a análise de IgG contra T. cruzi mostrou que o principal isotipo produzido foi IgG1. IgE específico foi também detectado em soros de camundongos imunizados com F III, portanto confirmando a presença de anticorpos homocitotrópicos. As parasitemias atingidas pelos camundongos imunizados por F III e F IV após desafio foram mais baixas do que aquelas dos controles mostrando proteção parcial contra a infec

  2. Detecção de anticorpo anticoração em camundongos Balb/c imunizados com Streptococcus mutans Detection of heart-reactive antibody in Balb/c mice immunized with Streptococcus mutans

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariella Vieira Pereira LEÃO

    2000-12-01

    Full Text Available Anticorpos para antígenos cardíacos foram analisados por ELISA em 14 soros de camundongos Balb/c hiperimunizados com Streptococcus mutans, inativado pelo formaldeído. Os níveis de anticorpos da classe IgG anticoração e antimiosina elevaram-se significativamente nos animais imunizados quando comparados com os controles, especialmente no grupo A, imunizado e reestimulado com antígenos solúveis de S. mutans. Neste grupo, os resultados do "Western Blot" mostraram reatividade com miosina cardíaca e uma banda de 35 kDa. A análise histológica dos corações dos animais do grupo B, imunizado e reestimulado com antígenos de superfície do microrganismo, demonstrou a presença de degeneração celular, tipo hidrópica e hialina e focos inflamatórios constituídos de linfócitos e macrófagos no miocárdio e pericárdio. Os resultados deste trabalho reforçam a hipótese da existência de mimetismo antigênico entre tecido cardíaco e S. mutans e chamam a atenção para o risco de desenvolvimento de anticorpos reativos com antígenos próprios induzidos por vacina anticárie com componentes estreptocócicos.Heart-reactive antibodies were examined by ELISA, in sera from 14 Balb/c mice immunized with Streptococcus mutans inactivated by treatment with formaldehyde. Anti-heart and anti-myosin IgG levels increased significantly in the sera from immunized mice, when compared with those of control sera, especially in the first group, inoculated with a new antigen preparation. This group displayed a notable reactivity with cardiac myosin and cardiac tissue proteins in Western-blotting, mainly with a 35 kDa peptide. The histological analysis of immunized animals’ cardiac tissue demonstrated the existence of cell injury and eosinophilia attributable to cellular hyaline change. The pericardium and the myocardium showed inflammatory infiltrate formed by lymphocytes and macrophages. These findings suggest the existence of molecular mimicry between S

  3. Evaluation of the immune response to CRA and FRA recombinant antigens of Trypanosoma cruzi in C57BL/6 mice Avaliação da resposta imune em camundongos C57BL/6 imunizados com os antígenos recombinantes CRA e FRA de Trypanosoma cruzi

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valéria Rêgo Alves Pereira

    2003-07-01

    Full Text Available Humoral and cellular immune responses were evaluated in 44 C57BL/6 mice immunized with the Trypanosoma cruzi recombinant antigens CRA and FRA. Both antigens induced cutaneous immediate-type hypersensitivity response. The levels of IgG1, IgG2a, IgG2b and IgG3 were high in CRA immunized mice. IgG3 was the predominant isotype. Although no difference in antibody levels was observed in FRA-immunized mice when compared to control mice, both antigens were able to induce lymphoproliferation in immunized mice. Significant differences were observed between incorporation of [³H]- thymidine by spleen cell stimulated in vitro with CRA or FRA and the control group. These results suggest that CRA and FRA could be involved in mechanisms of resistance to Trypanosoma cruzi infection.As respostas imune humoral e celular foram avaliadas em 44 camundongos C57Bl/6 imunizados com os antígenos recombinantes CRA e FRA de Trypanosoma cruzi. Ambos antígenos induziram reação de hipersensibilidade do tipo imediato. Os níveis de IgG1, IgG2a, IgG2b e IgG3 foram elevados nos camundongos imunizados com CRA. IgG3 foi o isotipo predominante. Nenhuma diferença nos níveis de anticorpos foi observada em camundongos imunizados com FRA em relação aos animais controle. No entanto, ambos antígenos foram capazes de induzir proliferação de linfócitos em camundongos imunizados. Diferenças significativas foram observadas entre a incorporação da timidina - [³H] pelas células esplênicas estimuladas com CRA ou FRA e o grupo controle. Esses resultados sugerem que CRA e FRA poderão estar envolvidos nos mecanismos de resistência à infecção pelo Trypanosoma cruzi.

  4. Resposta imune em camundongos balb/c imunizados com um antígeno recombinante de leishmania chagasi (lc9), saponina e interleucina-12(il-12)

    OpenAIRE

    de Pinheiro, Cristiane Garboggini Melo

    2007-01-01

    Em um estudo prévio, cinco antígenos recombinantes de Leishmania chagasi foram selecionados, através de soro de cão, para avaliação como candidatos a componente de uma vacina contra leishmaniose visceral canina. Um desses antígenos, denominado Lc9, foi posteriormente utilizado isoladamente ou em combinação com diversos adjuvantes para imunizar camundongos. Após a injeção de Lc9 isoladamente ou em associação com saponina ocorreu indução de resposta imune do tipo Th2 ou mista (Th...

  5. Antibody responses elicited in mice immunized with Bacillus subtilis vaccine strains expressing Stx2B subunit of enterohaemorragic Escherichia coli O157:H7 Resposta de anticorpos obtidas em camundongos imunizados com linhagens vacinais de Bacillus subtilis expressando a subunidade B da Stx2 de Escherichia coli O157:H7 enterohemorrágica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P.A.D.P. Gomes

    2009-06-01

    células vegetativas e esporos. Camundongos imunizados com células vegetativas e esporos pela via oral desenvolveram títulos anti-Stx2B baixos, mas específicos, de IgG sérico e IgA fecal, enquanto camundongos imunizados com esporos recombinates desenvolveram resposta anti-Stx2B apenas após a administração pela via parenteral. No entanto, anticorpos produzidos em camundongos imunizados com a linhagem recombinante de B. subtilis não inibiram os efeitos tóxicos da toxina nativa em condições in vitro e in vivo, sugerindo que a quantidade e/ou a qualidade da resposta imune gerada não suportam uma neutralização efetiva da Stx2 produzidas por linhagens de EHEC.

  6. Toxoplasma gondii vs ionizing radiation: cell and humoral immunity in spleen and gut of isogenic mice immunized with {sup 60}Co irradiated tachyzoites; Toxoplasma gondii vs radiacao ionizante: imunidade humoral e celular em baco e intestino de camundongos isogenicos imunizados com taquizoitos irradiados por cobalto 60

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Galisteo Junior, Andres Jimenez

    2008-07-01

    We are developing a vaccine for toxoplasmosis, using ionizing radiation as a tool. Here we analyzed the production of systemic and intestinal immunity, with protection studies, in several strains of inbred mice, by oral or parenteral route, using 255 Gy irradiated tachyzoites of T. gondii RH strain, with challenge with cysts of ME- 49 strain. C57Bl/6j, BALB/c and C57Bl/6j IFN-{gamma}{sup -/-} mice were immunized with 10{sup 7} irradiated tachyzoites, be parenteral or oral route. Those preparations, both by parenteral or oral routes, induced the production of specific IgG, mainly of the lgG2b subclass, and IgA immunoglobulins in serum, , as determined by ELISA. IgM production was negligible. Parenteral immunized mice showed higher IgG avidity maturation, as compared to oral immunized mice. Fecal excretion of IgG, IgA and IgM was detected in stools of immunized animals, more intense in oral immunized mice. In cellular immunity studies, induced by antigen, with detection of cytokine production by quantitative real-time PCR, there are a great production of IFN-y by spleen cells, with lower levels in Peyer patches cells, where there are a greater IL-2 production. Challenge studies in immunized mice demonstrated protection to infection in all used schedules, greater in BALB/c mice. C57Bl/6j IFN-{gamma} -{sup /-} mice, when immunized, showed no signs of disease and produced similar or greater levels of antibodies than wild type mice. They also excreted S-lgA and S-IgM in stools, but with low numbers of brain cysts in parenteral immunized mice, despite similar mortality. Our data points to a fair possibility of use of those irradiated parasites as an oral vaccine, devised to use for veterinary or wild felines vaccination, reducing the production of oocysts by those hosts and interrupting the chain transmission of human toxoplasmosis. (author)

  7. Inibição da migração larval em tecidos de camundongos imunizados com antígenos de Toxocara vitulorum

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvia Helena Silvestre de Paula

    2005-06-01

    Full Text Available Three groups of mice were immunized agaisnt three different Toxocara vitulorum antigens: perienteric fluid (Pe of adults and excretory/secretory (ES and soluble extracts (Ex of infective larvae. A group of non-immunized animals was considered the control group. All groups were challenged one week after the third immunization with T. vitulorum infective eggs and necropsied at three different periods after the challenge: seven hours, four and 30 days. Eggs and larvae counts in the feces of mice were accomplished and revealed that Pe immunized group eliminated the highest number of larvae. Small and large intestines, liver, lungs, heart, brain and muscle (diaphragm, tongue e quadriceps femoris were removed, digested by peptical digestion and larvae were identified and counted. The higher number of larvae was found in the large intestine seven hours after the challenge in all examined groups; however, this number was significantly lower in animals of the immunized groups. On day four after the challenge, larvae were more often found in the liver and lungs, and the immunized groups had lower numbers of larvae than in the control groups. On day 30 after the challenge low numbers of larvae were recovered in the brain and muscle. The effective immunization against larval migration based on the rate of reduction of the larvae present in the liver on day four after infection was of 82%, 79% and 58% for Ex, Pe and ES antigen, respectively.

  8. Mielencefalite espontânea dos camundongos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hermínio Linhares

    1944-02-01

    Full Text Available 1 — Duas amostras de vírus capazes de produzir uma mielencefalite foram isoladas de dois camundongos brancos suíços, de criação, espontâneamente infetados, em um total de 7.000 animais examinados; uma terceira amostra foi obtida por trituração e filtração dos intestinos de camundongos aparentemente normais. 2 — Foram feitas separadamente dez passagens por inoculação intra¬cerebral em camundongos jovens e adultos. Verificou-se por testes de imunidade cruzada que as três amostras eram idênticas. Prossegiu-se então nas passagens com apenas uma das amostras. 3 — O poder infetante aumenta com o número de passagens: o período médio de incubação diminui e aumenta a letalidade. 4 — A infecção espontânea e experimental é descrita. A doença parece ser mais comum em animais jovens. O período de incubação varia de 5 a 30 dias. Às vêzes observa-se uma fase prodromica: fraqueza, menor atividade, dificuldade em andar; geralmente surge a paralisia flácida sem sintomas prévios, na grande maioria das vêzes, nos membros posteriores. Três formas clínicas foram observadas: super-aguda, aguda e crônica. 5 — Em camundongos normais o vírus pode ser demonstrado nas fezes e nos intestinos. Ele é comum no tubo digestivo e só ocasionalmente invade o sistema nervoso central, ou melhor, a encefalomielite e primàriamente uma doença do trato digestivo no qual a invasão do SNC é um acidente. 6 — O vírus passa através de velas de CHAMBERLAND L3 e L5, em BER KEFED V, N e W e em filtro Seitz EK, a suspensão sendo tão ativa como antes da filtração. Conserva-se bem em glicerina a 50% pelo menos 60 dias, se guardado na geladeira. Suspensão de cérebro e medula aquecida em banho-maria a 56°C por 30 minutos perde a atividade. 7 — O título variou entre 4.000 e 20.000 dmm. 8 — Obteve-se infecção por inoculação intracerebral, por instilação nasal e, com menos regularidade, por inoculação intraperitoneal; a via g

  9. Vaccination of C57BL/10 mice against cutaneous leishmaniasis using killed promastigotes of different strains and species of Leishmania Vacinação de camundongos C57BL/10 contra leishmaniose com promastigotas mortas de diferentes cepas e espécies de Leishmania

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wilson Mayrink

    2002-04-01

    Full Text Available Antigenic extracts from five Leishmania stocks were used to vaccinate C57BL/10 mice. The Leishvacin® and PH8 monovalent vaccine yielded the highest IFN-gamma levels in the supernatants of spleen cell culture from vaccinated animals. Each single strain immunized group showed evidence of protective immunity six months after the challenge with promastigotes of Leishmania (Leishmania amazonensis. No differences were detected between the vaccinated groups. It can be concluded that vaccines composed of single Leishmania stocks can provide protection to C57BL/10 mice against L. (L. amazonensis infection.Estudos anteriores revelaram que uma vacina preparada com promastigotas mortas de cinco cepas de Leishmania pode induzir uma imunidade protetora para a leishmaniose tegumentar americana no homem e em modelos experimentais. Um dos problemas do uso desta vacina é a complexidade de sua composição e a necessidade de se incorporar diferentes cepas de Leishmania. Por esta razão, extratos antigênicos de cada uma das cinco cepas constituintes da vacina foram preparados e usados individualmente em estudos imunológicos com camundongos C57BL/10. A Leishvacin® e a vacina monovalente PH8 induziram os maiores níveis de Interferon-g (IFN-gama detectado no sobrenadante de células esplênicas dos animais vacinados. Cada grupo imunizado com vacinas monovalentes desenvolveram uma imunidade protetora seis meses após a infecção desafio com promastigotas de Leishmania (Leishmania amazonensis e nenhuma diferença estatística foi observada entre os grupos vacinados. Pode-se concluir que vacinas compostas por cepas isoladas de Leishmania protegem camundongos C57BL/10 contra, pelo menos, da infecção por L. (L. amazonensis.

  10. Avaliação Laboratorial de Anticorpos Contra o Vírus da Hepatite C em Voluntários Imunizados contra a Hepatite B

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elaine Cristina de Santana Garcia

    2015-12-01

    Full Text Available Considerando que (1 após a imunização contra o HBV é possível detectarmos níveis séricos de anti-HBc e anti-HBSag, (2 a infecção pelo HBV ocorre, principalmente, através de contato sexual, sendo mais freqüentemente associada com os vírus das hepatites tipos A, B, C e Delta com evolução para doenças hepática crônica e (3 a definição do agente infeccioso responsável pela hepatite C (diagnóstico etiológico é dada através da investigação do marcador sorológico Anti-HCV, este trabalho apresentou como objetivo investigar, através de ensaio de ELISA, a possível reação cruzada de anticorpos contra o vírus da Hepatite C em voluntários imunizados contra a Hepatite B. Assim, neste estudo, selecionamos 20 voluntários (ambos os sexos imunizados contra o vírus da hepatite B e que relataram não serem portadores do vírus da hepatite C. Em amostras de soro, foi realizada, através de ensaio imunoenzimático (ELISA, a pesquisa de anticorpos IgM contra o vírus da hepatite C. A análise laboratorial revelou que todos os voluntários selecionados não foram capazes de produzir anticorpos contra o vírus da hepatite C quando submetidos à imunização contra o vírus da hepatite B. Este estudo mostra que a imunização contra o vírus da hepatite B realizada na Rede Pública de Saúde é, exclusivamente, capaz de produzir resposta imune humoral somente contra este agente viral e não permite a estimulação de anticorpos inespecíficos.

  11. Resposta celular e molecular do tecido conjuntivo de camundongos e medicações intracanal

    OpenAIRE

    Maristela Soares Swerts Pereira

    2012-01-01

    Substâncias contendo clorexidina (CHX) ou associação de antibióticos têm sido pesquisadas como medicações intracanal. Os objetivos do presente estudo foram: Capítulo 1- Caracterizar a resposta do tecido conjuntivo subcutâneo de camundongos à pasta triantibiótica (Trimix), por microscopia óptica convencional e por RT-PCR em tempo real; e Capítulo 2 - Comparar a resposta do tecido conjuntivo subcutâneo de camundongos a medicações intracanal contendo CHX por microscopia óptica convencional. No C...

  12. Gangliosideos e a resposta de hipersensibilidade retardada em camundongos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    EFS MONTERO

    2000-01-01

    Full Text Available Em trabalhos anteriores mostrou-se que os gangliosídeos (GSLs têm um efeito inibitório sobre a proliferação linfocitária e a síntese de IL-2, assim como sobre a reação mista de linfócitos. Neste estudo objetivou-se avaliar o efeito dos GSLs sobre a resposta de hipersensibilidade retardada. Foram utilizados 12 camundongos BALB/c, machos, pesando em média 30 gramas, provenientes do biotério setorial da Disciplina de Parasitologia e mantidos por 5 dias para adaptação no biotério setorial da Disciplina de Técnica Operatória e Cirurgia Experimental da UNIFESP-EPM, recebendo água e ração própria para a espécie. Os animais foram distribuídos em três grupos, de acordo com as doses de GSLs, da seguinte forma: grupo 3mg. kg-1, grupo 9mg. kg-1 e grupo simulado (veículo. Os animais foram tratados, por via intramuscular, nos dias 0 e 4. O parâmetro avaliado foi o edema da pata traseira esquerda no local da inoculação do antígeno. Os animais foram anestesiados com Cetamina (60mg.kg-1 e Xilazina (10mg.kg-1, por via intramuscular, sendo em seguida submetidos à dissecção da veia jugular direita, por onde foram inoculadas 10(6 hemácias de Carneiro no dia 0, para sensibilização. No dia 4 subsequente, os animais foram novamente anestesiados e receberam, por via subcutânea, 10(8 hemácias de Carneiro, num volume de 0,02ml. Foram realizadas medidas do edema da pata traseira com paquímetro 24, 48, 72 e 96 horas após o desafio. Os dados mostraram que após 48h houve um aumento do edema em animais dos grupos simulado e 3mg (médias=2,3 and 2,1mm, respectivamente, e os camundongos do grupo 9mg não apresentaram aumento importante (média=0,1mm. Entretanto, após 72h, o grupo 9mg apresentou aumento de 1,7mm enquanto, os outros grupos não apresentaram mudança significativa no edema da pata (médias=0,2 e 0,8mm, grupos simulado e 3mg, respectivamente comparados aos dados do dia antecedente. Após 96h, todos os grupos apresentaram

  13. Resposta imune e capacidade de neutralização de anticorpos produzidos em ovinos jovens imunizados com veneno de Crotalus durissus terrificus nativo e irradiado com Cobalto 60

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rui Seabra Ferreira Junior

    2009-06-01

    Full Text Available A técnica de Elisa foi utilizada para avaliar e comparar a resposta imune humoral de ovinos jovens para a produção de soro anticrotálico. Durante o processo de soroprodução, foi realizada a avaliação clínica dos animais. A capacidade de neutralização do soro produzido a partir de veneno de serpente Crotalus durissus terrificus, nativo (VN e irradiado (VIr com Cobalto-60 foi verificada por meio de desafios in vitro. Um grupo de seis animais recebeu veneno nativo, o segundo grupo recebeu veneno irradiado e o terceiro grupo foi o controle. Os animais receberam seis imunizações durante 84 dias com intervalo de 14 dias. Houve diferença significativa (p<5% no teste de ELISA do perfil de anticorpos produzidos pelos grupos experimentais (VN < VIr. O grupo imunizado com veneno irradiado apresentou perfil de anticorpos maior que o grupo imunizado com veneno nativo. A capacidade de neutralização do soro produzido a partir do VIr foi cinco vezes maior quando comparado ao soro produzido com VN. Estes resultados justificam o uso da radiação gama na destoxicação do veneno de Crotalus durissus terrificus como alternativa na produção de antiveneno.

  14. Arquitetura comparativa dos pulmões de camundongos normais e afetados pela Distrofia Muscular de Duchenne

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thais B. Lessa

    2015-12-01

    Full Text Available Resumo: A Distrofia Muscular de Duchenne (DMD é uma doença genética de caráter recessivo que caracterizada por fraqueza muscular progressiva de cintura pélvica e escapular evoluindo para insuficiência respiratória e, ou cardíaca. O camundongo mdx é um modelo amplamente utilizado para estudos da DMD. Apesar do fenótipo destes animais serem mais suave, estes apresentam o principal músculo respiratório, o diafragma com morfologia e bioquímica semelhante à DMD humana, fato este que pode comprometer a função respiratória e consequentemente os pulmões. Foi realizado um estudo anatômico descritivo do parênquima pulmonar dos pulmões de 5 animais modelo mdx comparando estes com os pulmões de 5 camundongos BALB/C57 (Mus musculus. Os pulmões foram analisados macroscopicamente e através de microscopia de luz e eletrônica de varredura. Os achados sugerem que o modelo mdx apresenta morfologia pulmonar semelhante aos camundongos BALB/C57 e que seu uso deve ser cauteloso e criterioso em ensaios clínicos que aborde este órgão.

  15. Efeito do estresse sobre o metabolismo glicídico de camundongos tornados obesos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gabriela Fernandes Gozoli

    2017-11-01

    Full Text Available Introdução: Distúrbios do sono, isoladamente ou em associação a uma dieta rica em calorias, podem determinar alterações metabólicas no sistema nervoso autônomo e no eixo hipotálamo-hipófise-adrenal, os quais podem aumentar a glicemia e produzir intolerância à glicose. O estado de intolerância à glicose geralmente precede o aparecimento de diabetes tipo 2. Objetivo: Este estudo visou avaliar os efeitos da associação da privação de sono paradoxal e dieta hipercalórica sobre o comportamento alimentar e a tolerância à glicose de camundongos. Métodos: Camundongos Swiss foram distribuídos em seis grupos: (1 controle; (2 dieta hipercalórica; (3 privação de sono paradoxal; (4 privação de sono paradoxal + dieta hipercalórica; (5 monoglutamato de sódio (MSG; e (6 privação de sono paradoxal + monoglutamato de sódio (MSG+PSP. Durante as oito semanas de acompanhamento, o consumo alimentar foi avaliado e os camundongos pesados periodicamente. A privação de sono foi realizada semanalmente. Após oito semanas executou-se o teste de tolerância oral à glicose (TTGO e de sensibilidade à insulina (TTI. Ao final, houve pesagem do coração e da gordura epididimal. Resultados: Houve aumento significante do peso corporal nos camundongos tornados obesos, que se associou com o avanço do conteúdo de gordura visceral. Todos os animais, obesos e com privação de sono paradoxal, tiveram piora no metabolismo de glicose medido pelo TTGO e TTI. Não houve mudança no peso cardíaco. Conclusão: A administração de uma dieta hipercalórica e a privação de sono paradoxal determinam intolerância à glicose e resistência à insulina, que nesse trabalho não foi sinérgico.

  16. Efeitos do Baypamun®HK em camundongos infectados experimentalmente com Toxoplasma gondii

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eva Laurice Pereira Cunha

    2004-06-01

    Full Text Available O presente trabalho teve como objetivo verificar os efeitos do Baypamun®HK sobre a sobrevida de camundongos albinos, experimentalmente infectados com Toxoplasma gondii amostra RH, submetidos ou não ao tratamento com sulfadiazina-pirimetamina, bem como sobre a formação e número de cistos cerebrais. Quatro grupos de 20 camundongos foram inoculados com 10(5 taquizoítos, via subcutânea, e submetidos a diferentes tratamentos. Os testes sorológicos foram realizados pela técnica de imunofluorescência indireta, e, dos animais que sucumbiram, amostras de cérebro, pulmão e fígado foram retiradas para exame citológico e de cérebros para a pesquisa de cistos. Ao final de 60 dias todos os sobreviventes foram sacrificados. Isoladamente o Baypamun®HK não apresentou uma ação protetora contra a infecção pelo T. gondii, mas sua associação com o tratamento específico pela sulfadiazina-pirimetamina promoveu maior sobrevida dos animais e uma resposta de anticorpos mais intensa e duradoura.

  17. Características testiculares de touros imunizados com vacina anti-hormônio liberador do hormônio luteinizante Testicular characteristics of bulls immunosterilized with anti-luteinizing hormone-releasing hormone vaccine

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Zanella

    2009-10-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a ação imunoesterilizadora de uma vacina anti-hormônio liberador de hormônio luteinizante (LHRH, composta por ovalbumina-LHRH-7 e tiorredoxina-LHRH-7, em touros mestiços Nelore. Vinte e seis touros, com dois anos de idade, foram distribuídos aleatoriamente em dois grupos de 13 animais. No grupo I, os animais receberam uma dose e dois reforços da vacina nos dias 0, 141, e 287 do experimento. No grupo II, os animais não receberam nenhum tratamento (controle. Para avaliar o efeito da vacina nos touros, foi realizada a mensuração da circunferência escrotal no início do experimento e no dia do abate, 741 dias depois. Por ocasião do abate, também foi coletada uma amostra dos testículos para avaliação histológica. O grupo imunizado apresentou circunferência escrotal ao abate de 22±5,98 cm, menor do que a do grupo controle que foi de 35,6±2,4 cm. Na análise histológica dos animais do grupo imunizado, foi observada degeneração testicular com ausência de espermatozoides em 85% dos animais avaliados, os outros 15% apresentaram redução no número de espermatozoides, em comparação aos animais do grupo controle. A vacina anti-LHRH, com fusão de proteínas, é efetiva na castração imunológica de touros e deve ser considerada como alternativa para utilização na produção bovina extensiva no Brasil.The objective of this study was to evaluate the immunosterilization action of the anti-luteinizing hormone-releasing hormone (LHRH vaccine, composed with ovalbumin-LHRH-7 and thioredoxin-LHRH-7, in Nelore-cross bulls. Twenty-six 2-year old bulls were randomly assigned in two groups of 13 animals each. The animals of group I received a primary and two booster injections of the vaccine on days 0, 141, and 287 of the experiment. In group II, the control group, the bulls did not receive any type of treatment. Scrotal circumference was measured in the beginning of the experiment and at slaughter

  18. Caracterização fenotípica do camundongo BALB/c mutante anêmico

    OpenAIRE

    Samantha Ive Miyashiro

    2012-01-01

    Várias linhagens de camundongos resultam de mutações genéticas pontuais espontâneas ou induzidas e estas alterações podem apresentar fenótipos relevantes semelhantes a doenças hereditárias humanas. Massironi et al. (2006) desenvolveram vários camundongos BALB/c mutantes com o agente mutagênico etil-nitroso-uréia (ENU) no Biotério de Experimentação do Departamento de Imunologia do Instituto de Ciências Biomédicas (ICB) da Universidade de São Paulo. Destes, o mutante chamado anêmico foi objeto ...

  19. Replicação de sendai virus em células epiteliais primárias de camundongo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis I. B. Kanzaki

    1987-02-01

    Full Text Available Células epiteliais primárias obtidas do trato respiratório de camundongos jovens foram infectadas com o Vírus Hemaglutinante do Japão (HVJ, Sendai Virus e, a progénie viral, tratada ou não com tripsina foi titulada através do método de Imunofluorescência Indireta. A progénie de Sendai Virus obtida de células epiteliais primárias de camundongo apresentou um título considerável, demonstrando-se que há ativação das partículas virais, capazes de infectar células LLC-MK 2, nas quais, a progénie viral foi titulada.

  20. Infecção experimental pelo Encephalitozoon cuniculi em camundongos imunossuprimidos com dexametasona

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lallo Maria Anete

    2002-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: O microsporídio Encephalitozoon cuniculi tem sido reconhecido como um patógeno oportunista em indivíduos imunossuprimidos, tais como pacientes com Aids. O objetivo do trabalho foi desenvolver animais farmacologicamente imunossuprimidos como modelo da infecção natural pelo E. cuniculi. MÉTODOS: Foram usados grupos distintos de camundongos Balb-C adultos, imunossuprimidos com diferentes doses de dexametasona (Dx, 3 ou 5 mg/kg/dia por via intraperitoneal fraction three-quarters IP e inoculados com esporos de E. cuniculi por via IP. Também foram usados grupos controle (animais inoculados, mas nãoimunossuprimidos, e animais imunossuprimidos, mas não inoculados. Os esporos de E. cuniculi foram previamente cultivados em células MDCK. Os animais foram sacrificados e submetidos à necropsia aos 7, 14, 21, 28 e 35 dias pós-inoculação. Fragmentos teciduais foram coletados e processados para análise por microscopia de luz, utilizando-se as técnicas de coloração de Gram -chromotrope e de hematoxilina-eosina. RESULTADOS: Em todos os animais imunossuprimidos e inoculados, porém especialmente naqueles que receberam 5 mg/kg/dia de Dx, os achados de necropsia mais proeminentes foram hepato e esplenomegalia. A inoculação experimental resultou em uma infecção disseminada e não-letal, caracterizada por lesões granulomatosas em diversos órgãos (fígado, pulmões, rins, intestino, encéfalo, porém mais notadamente no tecido hepático. Esporos de E. cuniculi foram observados em poucos animais tratados com 5 mg/kg/dia de Dx aos 35 dias pós-infecção. CONCLUSÕES: Microsporidiose em camundongos imunossuprimidos com Dx fornece um modelo útil para estudos da infecção por microsporídios, assemelhando-se àquela naturalmente observada em indivíduos imunodeficientes com Aids.

  1. Estudo comparativo do ciclo evolutivo de Rhodnius neglectus alimentados em pombos ou camundongos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Liléia Diotaiuti

    1987-06-01

    Full Text Available Baseados no encontro de 77,2% de reação de precipitina positiva para soro antiave de R. neglectus capturados em palmeiras da periferia de Belo Horizonte, estudamos o ciclo evolutivo de uma colonia recém-estabelecida no laboratório alimentada com sangue de pombo ou camundongo, na expectativa de demonstrarmos maior adaptação deste triatomíneo ao sangue da ave. Para comparação, estudamos o ciclo evolutivo destes insetos numa colônia há muito mantida em insetário. Nossos resultados mostram um desenvolvimento mais rápido da colônia recém- estabelecida, assim como do lote de triatomíneos alimentado em camundongo. Esses achados sugerem menor potencial biológico para triatomíneos criados por longo tempo em insetário em comparação a novas colônias. Sendo as aves os principais habitantes das palmeiras, a aparente preferência alimentar por sangue de aves demonstrada pela reação de precipitina parece ser circunstancial e não seletiva na busca do sangue com o qual o triatomíneo obteria melhor desenvolvimento.Feeding pattems of R. neglectus collected in palm trees around Belo Horizonte (Minas Gerais, Brazil were investigated. Precipitin tests showed 77.2% of avian blood. In view of these results, a new colony of R. neglectus established in the laboratory was fed regularly on pigeons or mice, in order to verify a possible better adaptation of this insect to the avian blood. As a control group a colony of R neglectus which has been maintained for several years in the laboratory was also observed. The results show a better development of the “new" colony in comparison with the old one, and of those bugs nourished with mice blood. Such findings suggest a poorer biological potential for triatomines maintained for long time in artificial conditions, in comparison with those living in the natural environment. As birds are the main vertebrate inhabitants of palm trees (the natural ecotope of R neglectus, the apparent feeding preference of

  2. Alterações da histoarquitetura pulmonar de camundongos neonatos expostos à hiperóxia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata B. Reis

    2013-06-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Analisar os efeitos da exposição à hiperóxia (100% de oxigênio sobre a histoarquitetura pulmonar de camundongos neonatos. MÉTODOS: Camundongos neonatos da linhagem Balb/c foram expostos à hiperóxia (GH (100% de oxigênio (n = 10 em uma câmara (15 x 20 x 30 cm por 24 horas, com fluxo de 2 L/min. O grupo controle (GC (n = 10 foi exposto a normóxia em um mesmo tipo de câmara e pelo mesmo tempo. Após a exposição, os animais foram sacrificados por decapitação, os pulmões foram removidos para análise histológica e processados de acordo com a rotina do laboratório. Cortes de 3 µm de espessura foram corados com hematoxilina e eosina (H&E. A análise morfométrica foi realizada com o objetivo de analisar macrófagos presentes na luz alveolar, densidade de superfície (Sv de trocas gasosas, densidade de volume (Vv de parênquima pulmonar e áreas de atelectasias. RESULTADOS: Foi verificada diminuição do número de macrófagos alveolares (MØ no GH (GH = 0,08±0,01 MØ/mm²; GC = 0,18±0,03 MØ/mm²; p = 0,0475, Sv de troca gasosa no GH (GH = 8,08 ± 0,12 mm² /mm³; GC = 8,65 ± 0,20 mm² /mm³; p = 0,0233, Vv de parênquima pulmonar no GH (GH = 54,7/33,5/83,5 %/mm²; GC = 75/56,7/107,9 %/mm²; p < 0.0001 quando comparado com o GC. Entretanto, houve aumento de áreas de atelectasias no GH (GH = 17,5/11,3/38,4 atelectasia/mm²; GC = 14/6,1/24,4 atelectasia/mm²; p = 0,0166 quando comparado com o GC. CONCLUSÃO: Nossos resultados indicam que a hiperóxia promoveu alterações na histoarquitetura pulmonar, aumentando áreas de atelectasia e hemorragia alveolar difusa.

  3. Expressao genica associada ao estresse oxidativo no coracao de camundongo apos isquemia intestinal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Frederico Somaio Neto

    2014-03-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: O fenômeno da isquemia e reperfusão intestinal é um evento frequente na clínica e está associado a repercussões deletérias em órgãos a distância, em especial ao coração. OBJETIVO: Investigar a expressão gênica do estresse oxidativo e defesa antioxidante no coração de camundongos isogênicos, submetidos a isquemia e reperfusão intestinal (IR. MÉTODOS: Doze camundongos (C57BL/6 foram distribuídos em dois grupos: Grupo IR (GIR com 60 min de oclusão da artéria mesentérica superior, seguidos de 60 min de reperfusão. Grupo Controle (GC submetidos a anestesia e a laparotomia sem o procedimento de IR observados por 120 min. As amostras de intestino e coração foram processadas pelo método (RT-qPCR / Reverse transcriptase - quantitative Polymerase Chain Reaction para determinar a expressão gênica de 84 genes relacionados ao estresse oxidativo ("t" de Student, p < 0,05. RESULTADOS: Observou-se no tecido intestinal (GIR uma expressão significantemente aumentada em 65 (74,71% genes em relação ao tecido normal (GC, e 37 (44,04% genes estiveram hiperexpressos (maior que três vezes o limiar permitido pelo algoritmo. No tocante aos efeitos da I/R intestinal a distância no tecido cardíaco verificou-se a expressão significantemente aumentada de 28 genes (33,33%, mas somente oito genes (9,52% se hiperexpressaram três vezes acima do limiar. Quatro (7,14% desses oito genes se expressaram simultaneamente nos tecidos intestinal e cardíaco. No GIR notaram-se cardiomiócitos com núcleos de menor tamanho, picnóticos, ricos em heterocromatina e raros nucléolos, indicando sofrimento cardíaco. CONCLUSÃO: A I/R intestinal promoveu a hiperexpressão estatisticamente significante de oito genes associados ao estresse oxidativo a distância no tecido miocárdico.

  4. Esquistossomose mansônica em camundongos experimentalmente subnutridos Mansoni schistosomiasis in experimentally undernourished mice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Augusto Magalhães

    1986-10-01

    Full Text Available Realizou-se estudo sobre o desenvolvimento da esquistossomose mansônica em camundongos submetidos à dieta hipoprotéica. Foram constituídos 4 grupos de Mus musculus "Swiss" da seguinte forma: 1 não infectados, normoprotéicos; 2 infectados, normoprotéicos; 3 não infectados, hipoprotéicos e 4 infectados, hipoprotéicos. Os animais foram sacrificados com 60 dias de infecção, aos 90 dias de idade. Verificou-se que os esquistossomos sofreram os efeitos da subnutrição do hospedeiro, principalmente os vermes machos, que além de terem seu desenvolvimento prejudicado, tiveram seu número reduzido aproximadamente pela metade. O número de granulomas foi menor nos roedores subnutridos e o tamanho da lesão foi reduzido. Houve acentuada leucopenia nos animais submetidos à dieta hipoprotéica, principalmente nos infectados subnutridos. A linfopenia e a eosinopenia acentuadas sugeriram que o sistema imunológico do hospedeiro foi afetado pela subnutrição. A taxa de mortalidade foi muito mais elevada nos animais infectados submetidos à dieta hipoprotéica. Concluiu-se que os camundongos subnutridos resistiram menos à infecção esquistossomótica apesar de terem apresentado menor número de lesões granulomatosas.Mansoni schistosomiasis was studied in mice fed on a low protein diet. Four groups of the Swiss breed Mus musculus were used in an experiment with two factors, each with two levels: 1-non-infected, normal diet; 2 - infected, normal diet ; 3 - non-infected, low protein diet; 4 - infected, low protein diet. The mice were killed for observation at age 90 days, after 60 days of infection, for those infected. It was found that the worms suffered the effects of malnutrition, mainly males, whose population count was cut by half, in addition to poor individual growth. The hepatic granuloma count was found to be smaller in the undernourished group; while the corresponding lesions were also generally smaller. There was a marked leukopenia in

  5. Novo método de dosagem de soros antipeçonhentos em camundongos lactentes: I - dosagem do soro anticrotálico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruno Soerensen

    1984-08-01

    Full Text Available A atividade biológica dos soros antipeçonhentos pode ser determinada "in vivo" em pombos, coelhos, cobaios e camundongos adultos, não existindo, entretanto, nenhum método que possa ser recomendado internacionalmente. Estudou-se comparativamente aos métodos tradicionais de dosagem de soros em pombos e camundongos adultos, a validade do uso de camundongos lactentes de 6 a 7 dias, pesando 4 a 5g, inoculados pela via subcutânea. Inicialmente foi determinada a toxidez do veneno de Crotalus durissus terríficus através do estudo da sintomatologia do envenenamento e da atividade letal. O estudo comparativo dos três métodos forneceu maior concordância de resultados em DE100 entre as dosagens realizadas com camundongos lactentes e adultos. A DE100 e DL50 determinadas em camundongos lactentes forneceu resultados mais constantes que os dos métodos de camundongos adultos e pombos. O uso deste novo método permite eliminar a dificuldade de obtenção do atual animal de prova; a utilização de um maior número de animais por ponto de avaliação biológica, possibilitando uma maior precisão e conseguindo-se uma uniformidade nas características exigidas neste tipo de dosagem como peso, idade e linhagem, visando a reprodução sistemática dos resultados.

  6. Schistosoma mansoni: resistência cutânea em camundongos portadores de infecção primária

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sílvia E. Gerken

    1987-06-01

    Full Text Available No presente trabalho avaliou-se a resistência cutânea de camundongos ao Schistosoma mansoni, usándose a orelha como sítio de infecção e de recuperação de esquistossômulos através da incubação de seus fragmentos em recipiente posto em contacto com Elac tamponado com Hepes. Essa técnica mostrou-se eficiente na discriminação do número de esquistossômulos recuperados de camundongos normais e de camundongos previamente infectados (camundongos imunes, quando comparada à técnica de recuperação de parasitas através da digestão da pele em meio contendo colagenase. Através dessa técnica, verificou-se que camundongos imunes reduzem o parasitismo do primeiro ao sétimo dia após a reinfecção (42 a 46%. Essa resistência foi observada em portadores de infecção bissexuada (6.* a 15.ª semanas e unissexuada (33.* e 34.ª semanas e em linhagens isogênicas (C57 BL/10, CBA e Fj do cruzamento CBA x DBA/2 e não isogênica (Swiss. Revelándose apropriadas ao estudo da resistência anti-esquistossomótica que se manifesta ao nível da pele, sugere-se que orelhas possam ser utilizadas como via de infecção em experimentos que visem analisar os fatores que participam da imunidade de camundongos ao S. mansoni.

  7. Avaliação da qualidade nutricional e microbiologica de ração autoclavavel pararatos e camundongos de bioterios livres de patogenos especificos (SPF)

    OpenAIRE

    Cecilia Ribeiro Piau Vieira

    1992-01-01

    Resumo: Os países onde a ciência de animais de laboratório está bem estabelecida administram dietas de ingredientes naturais autoclavadas para a criação e manutenção de ratos e camundongos livres de patógenos específicos (SPF). No presente trabalho, pela primeira vez no Brasil, foi conduzido um estudo sistematizado com o objetivo de avaliar a qualidade nutricional e microbiológica de uma ração de ingredientes naturais autoclavável, a qual é administrada aos ratos e camundongos SPF do CEMIB (C...

  8. Resposta sorológica de coelhos imunizados com antígenos de Pythium insidiosum associados a diferentes adjuvantes Serological response in rabbits immunized with Pythium insidiosum antigens associated with different adjuvants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre Trindade Leal

    2002-12-01

    Full Text Available O Pythium insidiosum é um fungo zoospórico que se desenvolve em locais alagadiços e que pode infectar humanos e animais, principalmente eqüinos. A infecção natural nesta espécie resulta em pitiose clínica, uma doença granulomatosa de difícil tratamento. Uma das opções terapêuticas é a imunoterapia com antígenos obtidos de culturas do agente. Com o objetivo de avaliar o efeito de adjuvantes na resposta sorológica a antígenos do P. insidiosum, 24 coelhos divididos em 4 grupos foram imunizados com antígeno macerado de micélio (AMM associado a três adjuvantes. Grupo I: hidróxido de alumínio; grupo II: adjuvante de Freund; grupo III: óleo mineral e grupo IV: água destilada -controle. Os tratamentos foram avaliados a diferentes intervalos, quanto à capacidade de induzir a produção de imunoglobulinas específicas da classe G, através da técnica de ELISA. Na fase 1, os animais receberam três doses do imunógeno (dias zero, 14 e 28 e foram avaliados sorologicamente nos dias 14, 21, 28 e 35. Nessa fase, os adjuvantes oleosos (GII e III induziram níveis de anticorpos estatisticamente superiores aos induzidos nos grupos I e IV. Durante a fase 2 (dias 42 a 120, cada grupo foi subdividido em dois; sendo um subgrupo mantido em tratamento (imunizações adicionais nos dias 42, 56, 68 e 82 e o outro tendo o tratamento interrompido após a 3ª dose (dia 28. Nos subgrupos mantidos em tratamento, os níveis de anticorpos dos grupos imunizados com adjuvantes foram estatisticamente superiores aos induzidos no grupo GIV (controle. Nos coelhos com tratamento interrompido, os grupos I, II e III apresentaram manutenção nos níveis de IgG e foram estatisticamente superiores ao grupo controle, que apresentou declínio nos níveis de anticorpos. Os resultados demonstraram a capacidade dos adjuvantes testados em potencializar e prolongar a resposta humoral aos antígenos do P. insidiosum. O uso de adjuvantes associado aos atuais imun

  9. Cryptic infections in mice with the Trypanosoma cruzi CL-14 clone Infecções subpatentes em camundongos pelo clone CL-14 do Trypanosoma cruzi

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.A. SOUSA

    1999-05-01

    Full Text Available A infectividade do clone CL-14 do Trypanosoma cruzi para camundongos foi revista utilizando-se como inóculo metacíclicos de cultura em NNN+LIT, pré-incubados ou não com complemento de cobaio. Nos animais inoculados não observamos parasitemia patente, mas a presença do parasito foi confirmada em 30% deles (9/30 através de hemocultivo ou xenodiagnóstico, este examinado aos 100 dias. A positividade das hemoculturas pôde ser evidenciada a partir dos 60 dias quando procederam de camundongos inoculados com metacíclicos tratados com complemento. Nos demais hemocultivos a positividade foi constatada aos 100 dias ou posteriormente. Um reisolado do CL-14 também não determinou parasitemia patente em camundongos até 30 dias após a inoculação. Estes achados são discutidos em relação à proteção imunológica observada em camundongos inoculados com este clone.

  10. Efeito do congelamento sobre a imunogenicidade da vacina contra a raiva produzida em tecido cerebral de camundongo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Albas Avelino

    2001-01-01

    Full Text Available A resposta imune humoral induzida pela vacina contra a raiva produzida em cérebros de camundongos recém-nascidos foi estudada em 23 cães e o teste de soroneutralização em camundongos foi usado para avaliação dos níveis de anticorpos rábicos. Um grupo com 10 animais recebeu vacina conservada de 2 a 8°C e apresentou os seguintes resultados: após 30 dias da vacinação 6 (60% amostras responderam ao teste; após 180 dias 4 (40% e após 360 dias apenas 1 (10%. O outro grupo com 13 cães recebeu vacina previamente congelada e somente 2 (15,4% amostras no dia 30 apresentaram resposta satisfatória; os demais períodos (180 e 360 após a vacinação, não foi encontrado título. A análise estatística dos dados referentes a cada uma das variáveis consideradas no estudo foi efetuada segundo a técnica de análise de variância seguida por Tuckey e indicaram diferenças estatisticamente significativas entre os grupos.

  11. Efeitos de óleos essenciais de plantas no tempo de sono induzido por cetamina em camundongos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Simony Fauth

    Full Text Available Estudos anteriores mostraram que óleos essenciais voláteis obtidos de plantas potenciam o tempo de sono induzido por pentobarbital e álcool em camundongos. Cetamina é um anestésico muito utilizado em crianças, sendo conhecida por causar uma anestesia dissociativa. Seus efeitos alucinógenos podem ser reduzidos quando administrada em associação a benzodiazepínicos. O objetivo deste estudo foi determinar a influência dos óleos de Psidium guyanensis (Araçá azedo, Psidium pohlianum (Araçá doce, Psidium guajava (Araçá goiaba, Rosmarinus officinalis (Alecrim e Lippia alba (Cidreira no tempo de sono induzido por cetamina em camundongos. Os resultados indicam que o tempo de sono induzido por cetamina foi prolongado pelos óleos essenciais de Psidium guyanensis, Psidium pohlianum, Psidium guajava e Lippia Alba mostrando novas possibilidades de associação com a cetamina a fim de prolongar o seu efeito sedativo, proporcionando uma anestesia mais adequada.

  12. Imunogenicidade da cepa avirulenta RV194-2 do vírus rábico em camundongos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rugimar Marcovistz

    1996-12-01

    Full Text Available O vírus rábico RV194-2, uma variante avirulenta da cepa CVS (Challenge Vírus Standard, produz uma infecção inaparente quando inoculado intracerebralmente em camundongos adultos. Sugerindo que a resposta imunológica do hospedeiro permite a eliminação do vírus do sistema nervoso central. Por esta razão foram estudadas a indução de interferon e a resposta imune humoral em camundongos BALB/c inoculados com vírus RV194-2. Durante a infecção, estes camundongos apresentaram elevados níveis de interferon no plasma e no cérebro com altos títulos de anticorpos neutralizantes anti-rábicos. A 2-5A sintetase. um marcador da ação dos interferons,foi também analisada no cérebro destes animais. Sua atividade, aumentou, paralelamente, á produção de interferon, demonstrando que este interferon é bioquímicamente ativo. O vírus RV194-2 também induziu, 45 dias após sua inoculação, proteção aos animais quando desafiados com a cepa virulenta CVS. Estes resultados demonstram que a cepa RV194-2possui um alto nível imunogênico.RV194-2 rabies virus, an avirulent mutant of CVS strain, induces an inapparent infection limited to the central nervous system (CNS in adult mice inoculated intracerebrally. This fact suggest that immune response of the host is able to eliminate the virus in CNS. For this reason, we have studied the induction of interferon and the humoral immune responses in BALB/c mice after RV194-2 inoculation. These mice presented high levels of interferon in the plasma and in the brain, with elevated levels of neutralizing antirabies antibodies. The 2-5A synthetase, an enzyme marker of interferon action, was analyzed in the brain of inoculated animals. Its enhancement in parallel to the interferon production in the brain, showed biochemical evidence that this interferon is active. Forty five days after RV194-2 virus inoculation, mice were protected against a challenge with the CVS virulent strain. The results presented

  13. Investigação de lipofuscina em miócitos cardíacos de camundongos após tratamento com oxamniquine

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Luiza Silveira Mello

    1984-10-01

    Full Text Available A fluorescencia natural devida à presença de corpos de lipofuscina foi pesquisada em miócitos cardíacos de camundongos adultos jovens tratados com oxamniquine. O objetivo foi buscar uma evidência de indução de envelhecimento celular precoce, com base em dados prévios de acentuação poliploidia, promovida pela droga. Comparando o miocárdio dos camundongos tratados com animais contrôle jovens e velhos, não foi observada a presença de lipofuscina nos seus miócitos. Isto possivelmente se deva a um não comprometimento da eficiência das lipases lisossomiais apesar da acentuação do fenômeno de poliploidização induzida pela droga.

  14. Seqüência dos estudos sobre a produção experimental de megassíndromes em camundongos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vania A. Soares

    1983-09-01

    Full Text Available A capacidade de produção de megassíndrome de três cepas de Trypanosoma cruzi de diferentes origens foram examinadas usando-se técnicas previamente descritas. Uma correlação significante foi encontrada entre volume e peso do estômago através de autópsia e a área correspondente a silhueta de bário do órgão. Todas as três cepas causam dilatação significante da área do estômago, após prolongada infecção em camundongos quando comparados com o grupo controle não infectado. Todavia, o modelo de comportamento da cepa (MEGA, previamente estudada, pode ter sido alterada pela reciclagem em camundongos nos laboratórios.

  15. Evidência da ação antiparasitária da azitromicina na infecção experimental de camundongos pelo Plasmodium berghei

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gakiya Erika

    2001-01-01

    Full Text Available A azitromicina debelou a infecção experimental de camundongos pelo Plasmodium berghei quando administrada, pela via oral e durante 28 dias, na dose de 100mg/kg, iniciada no mesmo dia em que os animais foram infectados. Mediante uso de 10mg/kg houve insucesso. Os resultados obtidos suscitam investigações complementares sobre a referida atividade antiparasitária desse medicamento.

  16. Trypanocidal activity of human plasma on Trypanosoma evansi in mice Atividade tripanocida do plasma humano sobre Trypanosoma evansi em camundongos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aleksandro Schafer Da Silva

    2012-03-01

    Full Text Available This study aimed to test an alternative protocol with human plasma to control Trypanosoma evansi infection in mice. Plasma from an apparently 27-year-old healthy male, blood type A+, was used in the study. A concentration of 100 mg.dL-1 apolipoprotein L1 (APOL1 was detected in the plasma. Forty mice were divided into four groups with 10 animals each. Group A comprised uninfected animals. Mice from groups B, C and D were inoculated with a T. evansi isolate. Group B was used as a positive control. At three days post-infection (DPI, the mice were administered intraperitoneally with human plasma. A single dose of 0.2 mL plasma was given to those in group C. The mice from group D were administered five doses of 0.2 mL plasma with a 24 hours interval between the doses. Group B showed high increasing parasitemia that led to their death within 5 DPI. Both treatments eliminated parasites from the blood and increased the longevity of animals. An efficacy of 50 (group C and 80% (group D of human plasma trypanocidal activity was found using PCR. This therapeutic success was likely achieved in the group D due to their higher levels of APOL1 compared with group C.Este estudo teve como objetivo testar um protocolo alternativo com plasma humano para controlar a infecção por Trypanosoma evansi em camundongos. O plasma foi oriundo de um homem aparentemente saudável, com idade entre 27 anos e tipo de sangue A+. Foi detectada uma concentração de 100 mg.dL -1 de apolipoproteína L1 (APOL1 no plasma. Quarenta camundongos foram divididos em quatro grupos, contendo dez animais cada. Grupo A, composto de animais não infectados. Os roedores dos grupos B, C e D foram inoculados intraperitonealmente com um isolado de T. evansi. O Grupo B foi usado como um controle positivo. Três dias pós-infecção (DPI, os camundongos foram tratados com plasma humano. Uma dose única de 0,2 mL de plasma foi administrada nos roedores do grupo C. Os ratos do grupo D receberam cinco

  17. Desenvolvimento de artrite induzida por colágeno em camundongos DBA/1J entre os gêneros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Laura de Lima Xavier

    2013-01-01

    Full Text Available Introdução: A artrite reumatoide (AR é uma doença autoimune inflamatória sistêmica de etiologia desconhecida. Modelos animais de artrite são extremamente úteis para o estudo da fisiopatologia da doença e de novas terapias. Objetivo: Considerando a predominância da AR em mulheres e escassez de estudos sobre influência do sexo no desenvolvimento da artrite experimental, o objetivo deste trabalho foi avaliar o impacto do sexo no desenvolvimento clínico da artrite experimental induzida por colágeno do tipo II (CIA. Métodos: Camundongos DBA1J foram divididos em machos e fêmeas, ambos n=6. CIA foi induzida por duas injeções intradérmicas com colágeno no dia zero e 18. Escore clínico da artrite e do edema articular foram avaliados diariamente por 10 dias após o desenvolvimento da doença. Resultados: A evolução do escore clínico não demonstrou diferença entre os machos e fêmeas. O escore clínico avaliado separadamente - patas dianteiras e traseiras, apresentou diferença significativa (p <0,001 – patas traseiras dia 5 (machos 5,8±1,1; fêmeas 3,1±1,8 - p <0,05. Entretanto, o edema articular foi significativamente maior nos machos (p <0,001 no dia 5 (machos 4,5±0,4; fêmeas 3,8±0,5 - p <0,05. Conclusões: Apesar de não serem claras as diferenças entre machos e fêmeas na CIA em camundongos, a maioria dos pesquisadores da área optam por trabalhar com machos. Como em humanos, acredita-se na influência da genética e dos hormônios no desenvolvimento da CIA. Portanto, estudos como este são de relevância às pesquisas nesta área, para um melhor aproveitamento da criação dos animais de laboratório.

  18. Avaliação da toxicidade aguda do extrato aquoso de Apeiba tibourbou Aubl (Tiliaceae, em camundongos e ratos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Carlos da Cunha

    2013-08-01

    Full Text Available O teste de toxicidade aguda estima a dose letal mediana (DL50 e classifica os toxicantes quanto à periculosidade, inclusive para extratos de plantas. A espécie Apeiba tibourbou Aubl (Tiliaceae, conhecida como paude-jangada ou pente-de-macaco, é empregada popularmente como antirreumática, antiespasmódica e expectorante, embora seja desconhecida quanto aos seus efeitos tóxicos. Assim, o objetivo desta pesquisa foi investigar o potencial de toxicidade aguda do extrato aquoso de A. tibourbou (EAT, administrado por gavagem, em camundongos fêmeas e ratos fêmeas, seguindo as diretrizes OECD Guideline 423/2001 e o screening hipocrático. Os camundongos fêmeas foram divididos em três grupos de três animais cada (C1 – controle, água filtrada, 0,25 mL; C2 – 300 mg/kg de EAT; e C3 – 2000 mg/kg de EAT. Os ratos fêmeas foram divididos em dois grupos de três animais cada (R1 – controle, água filtrada, 0,5 mL; e R2 – 2000 mg/ kg de EAT. O grupo C2 consumiu 28% de água a mais que o grupo C1 (p < 0,05; o grupo C3 produziu 31% de excretas a mais que o grupo C1 (p < 0,0001; o grupo R2 reduziu o consumo de ração e a produção de excretas em 20% e 28% em relação ao grupo R1 (p < 0,05, respectivamente. No screening hipocrático, nenhuma alteração motora e/ou sensorial foi observada. Não houve morte nem estado moribundo de nenhum animal. Conclui-se que o EAT possui DL50 estimada maior que 2000 mg/kg (Classe 5 de toxicidade, segundo o Globally Harmonized System – GHS, ONU, demonstrando reduzido potencial de toxicidade aguda.

  19. Teste de eficiência de vacinas antiaftosa. II. Relação entre o Índice C em cobaias e o Índice Proteção Camundongos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ernani Ibirá Gonçalves

    1994-03-01

    Full Text Available O exame da eficiência de seis vacinas antiaftosa, realizado com os testes “Indice Proteção Camundongos” e "Índice C” utilizando 15 ou mais cobaias por diluição de vírus na titulação, demonstrou a presença de boa correlação e alta significância entre os resultados das duas provas. O valor do índice Proteção Camundongos foi aproximadamente o dobro do valor do índice C. Assim, o índice Proteção Camundongos pode ser recomendado como teste de eficiência de vacinas antiaftosa. principalmente quando se necessita um grande número de provas, devido a seu baixo custo e facilidade de execução, por usar exclusivamente camundongos.

  20. Basofilia e anisotropia nucleares em células de camundongo após tratamento com oxamniquine

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ivanira José Bechara

    1984-02-01

    Full Text Available Com o objetivo de se estudar a ação da oxamniquine, uma droga utilizada no tratamento da esquistossomose, sobre a cromatina de núcleos de células animais, foram estudados os padrões de basofilia e anisotropia nucleares em hepatócitos, em células do músculo cardíaco e em linfócitos de camundongos adultos jovens. A oxamniquine foi administrada por via oral (436 mg/kg e preparados foram obtidos após diversos tempos de fornecimento da droga aos animais. Nos núcleos corados com azul de toluidina a pH 4,0, após digestão com RNAse, não se encontrou diferença quanto aos padrões de basofilia e anisotropia comparando-se animais tratados com controles. Demonstrou se assim que as moléculas de oxamniquine não se alojam no interior da dupla hélice do DNA, não alteram a sua conformação helicoidal nem se ligam aos grupos fosfatos livres desta macromolécula, diferindo, portanto, da atuação de outro esquistossomicida, o hycanthone.

  1. Efeito do sulfeto de hidrogênio (H2S) na apoptose e nos níveis de citocinas na inflamação alérgica pulmonar em camundongos

    OpenAIRE

    Jackeline Amaral Mendes

    2014-01-01

    Resumo: Estudos mostram que o sulfeto de hidrogênio (H2S) possui um papel relevante na fisiopatologia de doenças pulmonares. O objetivo deste trabalho foi investigar os mecanismos pelos quais o H2S influência a apoptose, o infiltrado de células inflamatórias, e o remodelamento das vias respiratórias na inflamação alérgica pulmonar. Para isso, camundongos BALB-C foram sensibilizados e desafiados com ovalbunina (OVA). Os camundongos tratados receberam o hidrosulfeto de sódio (NaHS) 30 minutos a...

  2. Efeito do tratamento com benzonidazol sobre o curso da infecção pela cepa Y do Trypanosoma cruzi em camundongos submetidos à alteração dos estoques de ferro pelo uso da desferrioxamina

    OpenAIRE

    Francisco, Amanda Fortes

    2007-01-01

    Neste trabalho foi verificado o efeito do tratamento com o único fármaco utilizado no Brasil para o tratamento da Doença de Chagas em camundongos submetidos a alterações nos estoques de ferro. Utilizaram-se camundongos Swiss machos com trinta dias de idade, divididos em sete grupos experimentais: (1) não infectado não tratado - NINT; (2) infectado não tratado - INT; (3) tratado com Benzonidazol (Bz) - BZ; (4) infectado e tratado com Desferrioxamina (DFA) por 21 dias (DFA-21); (5) infectado e ...

  3. Efficacy of drugs against Giardia muris in mice Mus musculus naturally infected/ Eficácia de drogas contra Giardia muris em camundongos Mus musculus naturalmente infectados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvia Gonzalez Monteiro

    2008-08-01

    Full Text Available This study aimed to evaluate the efficacy of metronidazole, fenbendazole and secnidazole against Giardia muris in mice naturally infected. Forty mice of the species Mus musculus were divided in four groups of ten each, being group A non treated, the control group and groups B, C and D treated with 4mg/ml of metronidazole, fenbendazole and secnidazole, respectively. Two feces collection, on day 0 and on day 10 after treatment, were done in order to evaluate the efficacy of the drugs. Samples were analyzed by the centrifugal-flotation method with zinc sulfate. Efficacy of 97,05% for metronidazole, 98,30% for fenbendazole and 100% for secnidazole were observed in the study. According to the results it was concluded that the tested drugs were effective for the treatment of mice parasitized by Giardia muris.Este estudo visou avaliar a eficácia do metronidazol, fenbendazole e secnidazol contra Giardia muris em camundongos naturalmente infectados. Foram utilizados 40 camundongos da espécie Mus musculus divididos em quatro grupos de 10 animais cada, sendo grupo A, grupo controle, não tratados, e grupos B, C e D tratados com 4mg/ml de metronidazol, fenbendazole e secnidazol, respectivamente. Para avaliar a eficácia dos medicamentos foram realizadas duas coletas de fezes uma no dia zero e outra 10 dias após tratamento. As amostras foram processadas e analisadas a partir do método de centrífugo-flutuação com sulfato de zinco. No estudo observou-se eficácia de 97,05% para metronidazol, 98,30% para fenbendazole e 100% para secnidazol no tratamento de giardiase murina. Com base nos resultados concluí-se que as drogas testadas apresentaram eficácia no tratamento de camundongos parasitados por Giardia muris.

  4. Atividade fisica e neuroproteção em camundongos adultos após indução de status epilepticus por pilocarpina

    OpenAIRE

    Cesar Renato Sartori

    2005-01-01

    Resumo: O modelo de epilepsia induzida por pilocarpina em camundongos reproduz a Epilepsia do Lobo Temporal (ELT) em humanos. Animais submetidos à indução de status epilepticus apresentam alterações comportamentais, eletroencefalográficas e lesão neuronal compatíveis com esta condição. Estudos recentes relatam relevantes efeitos positivos da prática de atividade física sobre o sistema nervoso tanto em humanos como em modelos animais. Dentre estes efeitos figuram o aumento da sobrevivência neu...

  5. Estudo microbiológico fecal de linhagens de camundongos, de estirpes de E. coli e do meio ambiente em biotérios

    OpenAIRE

    Clarice Yukari Minagawa

    2008-01-01

    Os camundongos têm sido amplamente utilizados na experimentação desde o século XVII, devendo sua qualidade microbiológica ser pesquisada e mantida, para evitar que eles adoeçam ou morram durante o experimento, não transmitam zoonoses e para que os resultados apresentados no experimento sejam confiáveis. A Escherichia coli faz parte da microbiota entérica dos mamíferos, podendo algumas linhagens causar infecções. As estirpes patogênicas apresentam diferentes fatores de virulência, como as endo...

  6. Resposta imune em camundongos balb/c a um antígeno recombinante de leishmania chagasi, saponina e interleucina-12 (il-12)

    OpenAIRE

    de Pinheiro, Cristiane Garboggini Melo

    2007-01-01

    Em um estudo prévio, cinco antígenos recombinantes de Leishmania chagasi foram selecionados, através de soro de cão, para avaliação como candidatos a componente de uma vacina contra leishmaniose visceral canina. Um desses antígenos, denominado Lc9, foi posteriormente utilizado isoladamente ou em combinação com diversos adjuvantes para imunizar camundongos. Após a injeção de Lc9 isoladamente ou em associação com saponina ocorreu indução de resposta imune do tipo Th2 ou mista ...

  7. Avaliação da arginina dietética sobre a resposta imunológica de frangos de corte imunizados contra a Doença de Gumboro = Assessment of arginine diet on the immune response of broilers immunized against Gumboro disease

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jovanir Inês Müller Fernandes

    2011-04-01

    Full Text Available O estudo foi realizado com o objetivo de avaliar o efeito da suplementação de Arginina (Arg sobre a resposta imune humoral e o desenvolvimento dos órgãos linfoides de frangos de corte imunizados contra a Doença de Gumboro. Foram utilizados 640 pintos de corte, distribuídos aleatoriamente em um delineamento inteiramente casualizado com quatro tratamentos (1. Controle, 2. Imunização, 3. Imunização + suplementação de L-Arg e 4. Suplementação de L-Arg. e oito repetições de 20 aves cada. As aves dos tratamentos 3 e 4foram imunizadas no 16º dia, contra a Doença de Gumboro (cepa intermediária plus. Amostras de soro das aves com 14, 21, 28 e 35 dias de idade foram analisadas por ELISA para detecção de título de anticorpos contra a Doença de Gumboro e nestas mesmas idades foi determinado o peso dos órgãos linfoides e a altura de pregas primárias do tecido linfoide da bolsa cloacal. Não houve diferença significativa (p > 0,05 entre os tratamentos. A suplementação de Arg não contribuiu com a resposta imune dos frangos de corte imunizados contra a Doença de Gumboro. A falta de resposta à imunização pode seratribuída à baixa virulência da cepa vacinal utilizada e à presença de vírus de campo.The study was conducted to evaluate the effect of supplemental Arginine (Arg on the humoral immune response and development oflymphoid organs of broiler chickens vaccinated against Gumboro disease. Six hundred and forty broilers were reared in a complete randomized design with four treatments (1. Control, 2. Immunization, 3. Immunization and supplementation of L-Arg, and 4. Supplemental L-Arg. and eight replications of 20 birds each. Birds in treatments 3 and 4 were vaccinated at 16 days against Gumboro disease (intermediate plus strain. Serum samples from birds at 14, 21, 28 and 35 days old were analyzed by ELISA for detection of antibody titers against Gumboro disease, and at these same ages, lymphoid organ weight was determined

  8. Siolmatra brasiliensis (Cogn. Baill., Cucurbitaceae, acute toxicity in mice Toxicidade aguda de Siolmatra brasiliensis (Cogn. Baill., Cucurbitaceae, em camundongos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aliny P. Lima

    2010-12-01

    Full Text Available Siolmatra brasiliensis (Cogn. Baill., Cucurbitaceae, commonly known as "pluméria" or "taiuiá", is widely used in different ways in Brazilian popular medicine to treat several diseases. Acute toxicity of Siolmatra brasiliensis crude ethanolic extract (CEE was investigated in mice. No mortality or signs of CEE toxicity were observed at the doses of 10 and 100 mg/kg bw, but the administration of 1000 and 2000 mg/kg bw caused several adverse behavioral effects and mortality. Macroscopic inspection of the organs showed morphologic alterations in the heart of animals treated with doses of 1000 and 2000 mg/kg bw. According to our results, S. brasiliensis CEE has an LD50 of 1000 mg/kg bw. We conclude that S. brasiliensis CEE was safe at the doses of 10 and 100 mg/kg bw and presented toxicity at the doses of 1000 and 2000 mg/kg bw.Siolmatra brasiliensis (Cogn. Baill., Cucurbitaceae, popularmente conhecida como "pluméria" ou "taiuiá" é utilizada na medicina popular brasileira para diversos fins terapêuticos. O estudo de toxicidade aguda do extrato bruto etanólico (EBE de Siolmatra brasiliensis foi investigado em camundongos. Nenhuma mortalidade ou sinais de toxicidade foram observados nas doses de 10 e 100 mg/kg, entretanto em doses administradas de 1000 e 2000 mg/kg levou as diversas alterações comportamentais e mortalidade. A DL50 para o EBE foi de 1000 mg/kg. Análise macroscópica dos órgãos demonstrou alterações morfológicas no coração dos animais tratados com 1000 e 2000 mg/kg. Por meios destes resultados conclui-se que o EBE de Siolmatra brasiliensis é seguro em doses de 10 and 100 mg/kg e apresentou toxicidade nas doses de 1000 e 2000 mg/kg.

  9. Relação entre a patogenicidade do Schistosoma mansoni em camundongos e a susceptibilidade do molusco vetor: III. Mortalidade, pesos corporal e das vísceras

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Zanotti-Magalhães Eliana Maria

    1995-01-01

    Full Text Available Estudou-se a relação entre o desenvolvimento da hepatomegalia, da esplenomegalia, peso corporal e taxa de mortalidade em camundongos experimentalmente infectados por Schistosoma mansoni com o grau de susceptibilidade de Biomphalaria glahrata e B. tenagophila nas quais se desenvolveram as cercárias infectantes respectivamente, das linhagens BH e SJ. Foram utilizados como hospedeiro definitivo camundongos Swiss, SPF e como hospedeiros intermediários populações de moluscos selecionados geneticamente para o caráter susceptibilidade. Foram observados menores pesos corporais e das visceras em camundongos infectados com cercárias provenientes de moluscos que apresentaram elevado grau de susceptibilidade. A maior susceptibilidade dos moluscos à infecção pelo S. mansoni correspondeu a uma menor sobrevivência dos camundongos infectados. Os resultados fazem crer que a maior adaptação do parasita ao hospedeiro intermediário, traduzidos pelas taxas mais elevadas de susceptibilidade, pode levar a um comportamento diferente deste parasita no hospedeiro definitivo.

  10. Susceptibility and morbidity between male and female Swiss mice infected with Angiostrongylus costaricensis: Susceptibilidade e morbidade entre camundongos Swiss machos e fêmeas infectados com Angiostrongylus costaricensis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia B. Mentz

    2010-10-01

    Full Text Available The gender of vertebrate hosts may affect the outcome of parasitic infections. An experimental murine infection with Angiostrongylus costaricensis was followed with determinations of body weight, fecal larval elimination, number and length of adult worms, number of macroscopic intestinal lesions, and mortality. Groups of male and female Swiss mice were infected with 10 3rd-stage A. costaricensis larvae per animal. The results indicate there are no significant differences related to gender of the host, except for higher length of worms developed in male mice.O sexo dos hospedeiros vertebrados pode influenciar no resultado de infecções parasitárias. A infecção experimental de camundongos com Angiostrongylus costaricensis foi acompanhada com observação do peso corporal, eliminação de larvas nas fezes, número e comprimento dos vermes adultos, número de lesões macroscópicas nos intestinos e mortalidade. Grupos de camundongos Swiss machos e fêmeas foram infectados cada um com 10 larvas de terceiro estágio de A. costaricensis. Os resultados indicam que não há diferenças significativas relacionados ao sexo dos hospedeiros, exceto pelo maior comprimento dos vermes nos hospedeiros machos.

  11. Effects of misoprostrol on pentylenetetrazol-induced seizures in mice Efeitos de misoprostrol sobre convulsões induzidas por pentilenotetrazol em camundongos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco das Chagas Medeiros

    1997-01-01

    Full Text Available The effects of prostaglandin E - analogue misoprostol on the susceptibility to pentilenetetrazol(PTZ - induced seizures were examined in mice. Misoprostol (200-800 mg/kg, given subcutaneously 45 min before the subconvulsive dose of PTZ (30 mg/kg, i.p provoked dose-dependent clonic-tonic seizures (30 to 100% and mortality in mice. At 300 g/kg, s.c, misoprostol pretreatment significantly (pOs efeitos do misoprostrol, um análogo da prostaglandina E, sobre convulsões induzidas por pentilenotetrazol (PTZ foram estudados em camundongos. Misoprostrol (200-800 mg/Kg administrado por via subcutânea 45 minutos antes da dose subconvulsiva de PTZ (30 mg/Kg, i.p. provocou crises tônico-clônicas (30 a 100% de maneira dose-dependente e mortalidade em camundongos. Na dose de 300 g/Kg, s.c., o pré-tratamento com misoprostrol diminuiu significativamente (p<0,05 o período de latência da primeira convulsão bem como a mortalidade induzida por uma dose convulsiva de PTZ (60 mg/Kg, i.p.. Nesta dose o misoprostrol diminuiu 21 % e 36% os valores de CD50 e de LD50 do PTZ, respectivamente.

  12. Desenvolvimento do germe dentário e do palato em fetos de camundongos sob o efeito da Sinvastatina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Florian

    Full Text Available INTRODUÇÃO: As estatinas causaram uma revolução na prevenção e no tratamento do colesterol alto, porém é contraindicada no primeiro trimestre da gravidez, pois podem causar má formação no feto, no sistema nervoso central e nos membros. OBJETIVO: Verificar os efeitos da Sinvastatina na formação do palato e no desenvolvimento dos germes dentários dos primeiros molares superiores e inferiores. MATERIAL E MÉTODO: Para o acasalamento, foram utilizados 14 camundongos fêmeas e quatro machos; o dia 'zero' da gestação foi identificado pelo plug vaginal após acasalamento. As fêmeas prenhes foram divididas em Grupos I e III - receberam 10 mg/kg solução salina em três semanas antes do acasalamento e a partir do acasalamento até o 14.º dia de prenhez, respectivamente. Grupos II e IV receberam 10 mg/kg de Sinvastatina, no período de três semanas antes do acasalamento e a partir do acasalamento até o 14.º dia de prenhez, respectivamente. RESULTADO: A análise histológica dos fetos dos Grupos I, II, III e IV mostrou o palato fusionado na linha mediana do processo palatino. Os germes dentários dos primeiros molares dos Grupos II e IV apresentaram um desenvolvimento atrasado quando comparados aos Grupos I e III, porém, todos estavam nas etapas de capuz e campânula. CONCLUSÃO: As análises histológica e estatística mostraram que os fetos apresentaram palato fusionado na linha média de fusão do processo palatino e os germes dentários dos Grupos II e IV mostraram-se com formas indefinidas e contornos irregulares. Este estudo preliminar mostrou que a Sinvastatina pode ocasionar alterações morfológicas nos germes dentários.

  13. Avaliação da toxicidade aguda e das alterações histopatológicas em camundongos tratados com fitol

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jéssica Pereira Costa

    2012-08-01

    Full Text Available O fitol, (3,7,11,15-tetrametilhexadec-2-en-1-ol, é um diterpeno pertencente ao grupo dos álcoois acíclicos insaturados de cadeia longa e ramificada. É um componente da molécula da clorofila, presente em folhas verdes de várias plantas medicinais. Entretanto, pouco é descrito na literatura sobre os possíveis efeitos toxicológicos produzidos pelo fitol. O objetivo do nosso estudo foi avaliar a toxicidade aguda do fitol, após administração intraperitoneal para determinação da dose letal 50% (DL50 e os efeitos sobre os parâmetros bioquímicos, hematológicos e histopatológicos no hipocampo e corpo estriado de camundongos adultos tratados com fitol nas doses de 25, 50 e 75 mg/kg. Os testes para determinação do grau de toxicidade aguda, bem como a investigação da DL50, revelou que o valor é aproximadamente 1153.39 mg/kg. Os camundongos tratados com as doses selecionadas do fitol a partir da DL50 apresentaram todos os parâmetros hematológicos dentro da faixa de referência, observando-se alterações nos valores dos linfócitos. Por sua vez, a maioria dos valores dos parâmetros bioquímicos diminuiu em todas as doses testadas (p<0,05. Em nosso estudo, apenas os animais tratados com fitol na dose de 75 mg/ kg demonstraram uma discreta vacuolização no corpo estriado e um discreto comprometimento caracterizado por vacuolização no hipocampo em apenas um dos animais. Nossos resultados indicam que o tratamento com fitol não produz alterações hematológicas, bioquímicas e histopatológicas cerebrais em camundongos. O estudo toxicológico pré-clínico com fitol demonstrou que o produto avaliado possui discreta toxicidade aguda por via intraperitoneal, sendo estes dados uma contribuição para pesquisas com compostos obtidos de plantas medicinais com potencial farmacológico. Porém, ressalta-se a necessidade de futuras pesquisas que possibilitem comparar os resultados em outras vias, bem como para realizar an

  14. Efeitos da hiperprolactinemia sobre o útero de camundongos no proestro Hyperprolactinemia effects on the female mice uterus during proestrous

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Regina Célia Teixeira Gomes

    2009-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar o efeito da hiperprolactinemia induzida pela metoclopramida sobre o endométrio e miométrio de camundongos fêmeas na fase de proestro. MÉTODOS: 24 camundongos fêmeas foram divididas aleatoriamente em dois grupos: GCtr/controle e GExp/tratadas com metoclopramida (6,7 µg/g por dia. Após 50 dias, os animais foram sacrificados na fase de proestro, e o sangue foi coletado para determinação dos níveis de estradiol, progesterona e prolactina. Os cornos uterinos foram removidos e fixados em formol a 10%; foram, então, processados para inclusão em parafina. Cortes de 4 µm foram corados pela hematoxilina-eosina (H/E. Na análise morfológica, foi utilizado microscópio de luz, da marca Carl Zeiss, com objetivas variando de 4 a 400 X, para caracterização de cada corte histológico. Na análise morfométrica, foi avaliada a espessura do epitélio superficial, da lâmina própria e do miométrio, com auxílio de um analisador de imagem (AxionVision, Carl Zeiss acoplado ao microscópio de luz (Carl Zeiss. A análise estatística foi realizada pela ANOVA seguida pelo teste Wilcoxon. O valor de p foi considerado significante quando PURPOSE: to evaluate the effect of hyperprolactinemia induced by metoclopramide on the endometrium and myometrium of female mice in the proestrus phase. METHODS: 24 female mice were randomly divided in two groups: CtrG/control and ExpG/treated with metoclopramide (6.7 mg/g daily. After 50 days, the animals were sacrificed in the proestrus phase, and the blood was collected to determine the levels of estradiol, progesterone and prolactin. The uterine horns were removed, fixed in 10% formaldehyde and processed before being included in paraffin. Slices of 4 µm were stained by hematoxylin and eosin (H/E. In the morphological analysis, a Carl Zeiss light microscope, with objectives varying from 4 to 400 X was used for each histological slice characterization. In the morphometrical analysis, the superficial

  15. Novo método de dosagem de soros antipeçonhentos em camundongos lactentes: I - dosagem do soro anticrotálico New method for dosage of antivenoms sera in baby mice: I-Anticrotalic serum's dosage

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruno Soerensen

    1984-08-01

    Full Text Available A atividade biológica dos soros antipeçonhentos pode ser determinada "in vivo" em pombos, coelhos, cobaios e camundongos adultos, não existindo, entretanto, nenhum método que possa ser recomendado internacionalmente. Estudou-se comparativamente aos métodos tradicionais de dosagem de soros em pombos e camundongos adultos, a validade do uso de camundongos lactentes de 6 a 7 dias, pesando 4 a 5g, inoculados pela via subcutânea. Inicialmente foi determinada a toxidez do veneno de Crotalus durissus terríficus através do estudo da sintomatologia do envenenamento e da atividade letal. O estudo comparativo dos três métodos forneceu maior concordância de resultados em DE100 entre as dosagens realizadas com camundongos lactentes e adultos. A DE100 e DL50 determinadas em camundongos lactentes forneceu resultados mais constantes que os dos métodos de camundongos adultos e pombos. O uso deste novo método permite eliminar a dificuldade de obtenção do atual animal de prova; a utilização de um maior número de animais por ponto de avaliação biológica, possibilitando uma maior precisão e conseguindo-se uma uniformidade nas características exigidas neste tipo de dosagem como peso, idade e linhagem, visando a reprodução sistemática dos resultados.The biological activity of antiserum against venoms can be assessed by "in vivo" tests using pigeons, rabbits, guinea-pigs and adult mice although there is no International standardized reaction for it. The traditional methods using pigeons and adult mice were comparatively studied with those using mice of 4-5 g (6-7 days of age, inoculated by subcutaneous injection. The toxicity of the Crotalus durissus terrificus venom was initially determined by studying the symptomatology after administration of venom and lethal activity. The comparative study of these three methods showed that the best concordance in the results of the ED100 was obtained using adult and baby mice. The most homogeneous ED100

  16. Efeito da exposição a extratos parasitários na indução de rinite alérgica em camundongos

    OpenAIRE

    Brum, Charles de Ornelas

    2008-01-01

    Introdução: diversos estudos têm demonstrado que infecções helmínticas são capazes exercer um efeito modulador na expressão de doenças alérgicas. O aumento do número de eosinófilos no epitélio nasal é uma das principais características da rinite alérgica (RA). O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito de extratos de diferentes parasitos adultos na resposta alérgica de vias aéreas superiores, utilizando-se um modelo murino. Métodos: camundongos BALB/c foram sensibilizados intraperitonealmen...

  17. Strongyloides venezuelensis infection susceptibility of seven inbred strains of mice Susceptibilidade de sete linhagens isogênicas de camundongos à infecções por Strongyloides venezuelensis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.F.T. Amarante

    2002-06-01

    Full Text Available A trial was carried out to investigate the susceptibility of seven strains of mice to Strongyloides venezuelensis primary and secondary experimental infections, in order to provide the basis for genetic studies about resistance. Twelve six-week-old male inbred mice of the A/J, BALB/c, CBA/J, C3H/Hepos, C57BL/6, DBA/2 and NIH strains were infected s.c. with 2000 infective larvae. The mean worm counts (± SD in the small intestine six days after infection were, in increasing order: 28 (± 19 in NIH; 647 (± 228 in BALB/c; 709 (± 425 in DBA/2; 731 (± 151 in C3H/Hepos, 801 (± 174 in CBA/J; 1024 (± 267 in C57BL/6 and 1313 (± 483 in A/J. C57BL/6 mice showed the highest fecal egg counts and NIH, the lowest. No eggs in fecal exams or nematodes in small intestines were recovered from animals reinfected 14 days after primary infection. NIH strain was highly resistant to primary infection by S. venezuelensis. The most susceptible of the other six strains appeared to be the C57BL/6 strain which presented a high nematode counting in intestine and the highest egg output.Foi investigada a susceptibilidade de sete linhagens isogênicas de camundongos à infecção experimental, primária e secundária, por Strongyloides venezuelensis a fim de servir de base para estudos genéticos sobre a resistência. Foram utilizados 12 camundongos machos, com seis semanas de idade, das seguintes linhagens isogênicas: A/J, BALB/c, CBA/J, C3H/Hepos, C57BL/6, DBA/2 e NIH. Os animais foram inoculados, via sub-cutânea, com 2000 larvas infectantes. As contagens médias (± desvio padrão de parasitas no intestino delgado dos camundongos seis dias após a infecção, em ordem crescente, foram: 28 (± 19 na linhagem NIH; 647 (± 228 na BALB/c; 709 (± 425 na DBA/2; 731 (± 151 na C3H/Hepos, 801 (± 174 na CBA/J; 1024 (± 267 na C57BL/6 e 1313 (± 483 na A/J. Os camundongos C57BL/6 apresentaram as mais elevadas contagens de ovos de S. venezuelensis por grama de fezes (OPG e os

  18. Efeito do ácido ascórbico sobre a espermatogênese de camundongos com distrofia muscular de Duchenne

    OpenAIRE

    Braz, Janine Karla França da Silva

    2015-01-01

    Objetivou-se avaliar as alterações na espermatogênese provocadas pela Distrofia Muscular de Duchenne (DMD) e o efeito do tratamento com ácido ascórbico na prevenção dessas injúrias. Neste trabalho foram utilizados 24 camundongos, sendo 12 linhagem C57BL/10 (não-distróficos) e 12 C57BL/10Mdx (distróficos) divididos em seis grupos com 4 animais cada (C30 = Controle de 30 dias; D30 = Distrófico com 30 dias; C60 = Controle com 60 dias; D60 = Distrófico com 60 dias; CS = Controle com 60 dias suple...

  19. Efeitos protetores de Lactobacillus delbrueckii UFV-H2b20 na infecção experimental por Listeria monocytogenes em camundongos gnotobióticos

    OpenAIRE

    Liliane Martins dos Santos

    2007-01-01

    Probióticos são formulações contendo microrganismos viáveis que exercem algum tipo de efeito benéfico sobre a manutenção do equilíbrio da microbiota intestinal e na resistência à infecções. Já foi demonstrado que Lactobacillus delbrueckii UFV-H2b20, um candidato a probiótico, é capaz de estimular as defesas imunes do hospedeiro. No presente trabalho, nós investigamos os efeitos protetores de L. delbrueckii na resistência contra a infecção por Listeria monocytogenes em camundongos gnotobiót...

  20. Imunização de camundongos com "vacina" viva avirulenta de Trypanosoma cruzi: IV. ensaio de esquema de "vacinação"[ign

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Humberto Menezes

    1970-06-01

    Full Text Available A parasitemia e o exame histológico revelaram que, aparentemente camundongos que receberam duas doses de "vacina" reagiram melhor a vma infecção virulenta do T. cruzi do que animais "vacinados'' uma única vez. Nestes a infecção realizada quatro ou dez semanas depois da imunização não alterou substancialmente a resposta imunitária medida pela parasitemia, percentual de mortalidade e grau da resposta tissular. Animais unicamente "vacinados", com uma ou duas doses, não apresentaram alterações histológicas diferentes das dos animais normais. Êstes mostraram quase sempre um discreto grau de inflamação crônica focal no miocáráio, e fígado.

  1. Distribuição das celulas de Schwann na junção neuromuscular de camundongos distroficos da linhagem mdx

    OpenAIRE

    Candida Luiza Tonizza de Carvalho

    2003-01-01

    Resumo: O objetivo do presente trabalho foi verificar possíveis alterações no padrão de distribuição das células de Schwann nas junções neuromusculares de camundongos distróficos comparando-se com a distribuição observada em animais normais controle, desnervados ou não. Sabe-se que as células de Schwann induzem e guiam os brotamentos do terminal nervoso. Nos animais distróficos, os quais apresentam ausência de distrofina, bem como ciclos de degeneração-regeneração da fibra muscular, há aument...

  2. A distribuição dos eosinófilos nas diferentes fases de evolução do granuloma hepático em camundongos infectados pelo Schistosoma mansoni

    OpenAIRE

    Romero Antunes Barreto Lins; Carmelita Bezerra de Lima Cavalcanti; Jorge Luiz Silva Araújo-Filho; Mário Ribeiro de Melo-Júnior; Maria Elizabeth Cavalcante Chaves

    2008-01-01

    No presente estudo, avaliou-se a distribuição dos eosinófilos nas diferentes fases da formação do granuloma hepático de camundongos infectados pelo Schistosoma mansoni. A partir dos resultados obtidos sugerimos uma nova classificação para a evolução do granuloma hepático em camundongos montada a partir de fases descritas por outros autores. Em cada fase há um padrão diferente de distribuição dos eosinófilos. Na fase necrótico-exudativa os eosinófilos encontram-se concentrados na periferia e n...

  3. Resposta imune-humoral e celular em bovinos da raça Nelore imunizados com extrato de larvas (L2 e L3 de Dermatobia hominis (Linnaeus Jr., 1781 Immune humoral and cellular response of nelore bovines immunized with larvae extract (L2 and L3 of Dermatobia hominis (Linnaeus Jr., 1781

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nelson Luis Mello Fernandes

    2007-06-01

    Full Text Available As larvas da Dermatobia hominis provocam lesões ulcerativas, danificando o tecido subcutâneo e conseqüentemente a pele do hospedeiro. O couro é o subproduto que sofre maior depreciação, o que, muitas vezes, impossibilita seu aproveitamento na industrialização. Atualmente o controle químico é utilizado como forma de combate à dermatobiose, entretanto, leva ao acúmulo de substâncias tóxicas nos animais e no ambiente. No presente trabalho, foram avaliadas as respostas imune-humoral e celular de bovinos imunizados com extrato antigênico preparado com larvas de D. hominis. Três grupos de oito bezerras da raça Nelore com 10 meses de idade foram usados, tendo o primeiro grupo (A recebido aplicação de extrato imunogênico de larvas de D. hominis, com intervalos de quinze dias; o grupo (B, utilizado como controle, não recebendo nenhum tipo de tratamento; e o grupo (C recebendo o tratamento ectoparasiticida à base de Dichlorvos associado a Cypermetrina. Neste mesmo período, foram avaliados o leucograma e os níveis de IgG contra D. hominis pela técnica de enzimoimunoensaio-ELISA. Quanto à avaliação da imunidade humoral, verificou-se que os animais do grupo A apresentaram maior produção de IgG contra D. hominis, com níveis máximos de anticorpos circulantes aos 45 dias após a primeira imunização. Estes animais também apresentaram maior produção de neutrófilos, eosinófilos e monócitos que os dos grupos B e C. O número de nódulos de larvas encontrado nos animais do grupo C foi 148,3% maior que nos animais dos grupos A e B. A comprovação da resposta imune celular e humoral, parcialmente caracterizadas, bem como a redução do número de nódulos, são indicadores que a imunização contra D. hominis foi parcialmente protetora para os bovinos imunizados.Dermatobia hominis larvae cause ulcerative lesions and damage to subcutaneous tissue and skin of the host. Leather is the subproduct which undergoes major depreciation

  4. Alterações quantitativas das células de purkinje na moléstia de chagas experimental no camundongo Quantitative study of Purkinje cells in the acute phase of experimental Chagas' disease

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edymar Jardim

    1967-09-01

    Full Text Available O autor estudou quantitativamente as células de Purkinje em cortes semi-seriados do cerebelo de camundongos inoculados experimentalmente com T. cruzi,tendo verificado considerável destruição neuronal na fase aguda da enfermidade.A quantitative study of Purkinje cells was done through semi-serial sections of cerebellum of mice experimentally innoculated by Trypanosoma cruzi. Avery marked neuronal destruction was found in the acute phase of Chagas' disease.

  5. Redução na concentração de glicose no cérebro de camundongos inoculados com liquido cefalorraquiano de pacientes com esclerose lateral amiotrófica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J. M. Godoy

    1990-12-01

    Full Text Available Os autores analisam, por técnica cromatográfica, as concentrações de glicose no cérebro de camundongos inoculados com L.CR de 4 pacientes com ELA. Foi encontrada redução na, concentração do carboidrato no material estudado, sugerindo a presença de fator extrínseco veiculado pelo LCR.

  6. Detecção de citocinas no sítio de inoculação subcutânea de Leishmania (Leishmania amazonensis em camundongos depletados de células Natural Killer

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia Dalastra Laurenti

    2005-04-01

    Full Text Available Camundongos BALB/ c depletados e não depletados em células Natural IVller (NK foram infectados subcutaneamente com 107 promastigotas de Leishmania (Leishmania amazonensis em fase estacionária de crescimento e amostras foram colhidas às 24 horas e 7 dias de infecção. Nos camundongos depletados em células NK, a atividade citotóxica NK de células esplênicas estava diminuída aos 7 dias de infecção e mais parasitos foram encontrados na lesão. Populações de células NK foram analisadas por imuno-histoquimica em cortes congelados de baço. Foi observado aumento na expressão de células NK1.1+ e diminuição na expressão do antígeno NK5E6+ nos animais depletados em células NK comparados aos camundongos não depletados. A presença de IFN-g, IL-12 e IL-4, analisada por imunohistoquimica no sítio de inoculação dos parasitos, mostrou que maior quantidade de citocinas foram detectadas nos camundongos depletados em células NK às 24 horas e 7 dias depois da infecção. Nos camundongos não depletados, havia pequenas quantidades de IL-12 às 24 horas e de IL-4 aos 7 dias de infecção. Estes dados sugerem que a depleção de células NK por 90Sr resulta em aumento de parasitismo na lesão. O aumento na expressão de células NK1.1+, as quais produzem principalmente IL-4, pode representar um dos mecanismos que colaborariam para a progressão da infecção.

  7. Teratogenic effect of retinoic acid in swiss mice Efeito teratogênico do ácido retinóico em camundongo swiss

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Roberto Veiga Quemelo

    2007-12-01

    Full Text Available PURPOSE: To identify the types of malformations resulting from the administration of retinoic acid (RA to Swiss mice on different days of pregnancy. METHODS: Twenty-four pregnant Swiss mice were divided into 4 groups of 6 animals each. The experimental groups received a single intraperitoneal injection of RA (70 mg/kg on gestational days 7, 8 and 9 (D7, D8 and D9, while control animals (C received only saline solution. RESULTS: Were obtained: exencephaly (C:0; D7:16.1%; D8:25.4%; D9:0, myelomeningocele (C:0; D7:25.8%, D8:30.9%, D9:0, spina bifida occulta (C:0, D7:29%, D8:41.8%, D90, gastroschisis (C:0, D7:6.4% D8:5.4%, D9:0, omphalocele (C:0, D7:6.4%, D8:14.5%, D9:0, lower limb alterations (C:0, D7:74.1%, D8:80%, D9:0, imperforated anus (C:0, D7:100%, D8:100%, D9:100%, and tail agenesis/alteration (C: D7:100%, D8:100%, D9:100%. CONCLUSION: The experimental model using Swiss mice proved to be efficient in the induction of the different types of defects, with the eighth gestational day being the one that most favored the induction of neural tube defect, omphalocele, gastroschisis, lower limb defects, imperforated anus and tail agenesis/alteration. On this basis, this is a useful model for future investigation of neural development and of the formation of the appendicular skeleton.OBJETIVO: Identificar os tipos de malformação resultantes da administração do ácido retinóico (AR a camundongos Swiss em diferentes dias gestacionais. MÉTODOS: Foram utilizados 24 camundongos fêmeas, linhagem Swiss, prenhes, divididos em 4 grupos com 6 animais cada. Os grupos experimentais receberam uma única injeção intraperitoneal de AR (70mg/Kg nos dias gestacionais 7, 8 e 9 (D7, D8 e D9, enquanto que os animais do grupo controle (C receberam apenas solução salina. RESULTADOS: Foram encontrados: exencefalia (C:0; D7:16.1%; D8:25.4%; D9:0; mielomeningocele (C:0; D7:25.8%; D8:30.9%; D9:0; Espina Bífida Oculta (C:0; D7:29%; D8:41.8%; D90; gastrosquise (C:0

  8. Inoculation of BALB/c mice with Lacazia loboi Inoculação de Lacazia loboi em camundongos BALB/c

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Suzana MADEIRA

    2000-10-01

    Full Text Available In a previous study, the authors inoculated Swiss mice with Lacazia loboi (L. loboi and succeeded in maintaining a granulomatous infiltrate and viable fungal cells up to one year and six months after inoculation. Considering the experimental work on paracoccidioidomycosis, 0.03 ml of a fungal suspension obtained from a biopsy of a Jorge Lobo's Disease patient were inoculated into both hind foot pads of 32 six week-old BALB/c mice of both sexes. The animals were sacrificed 1, 4, 7 and 10 months post inoculation. The suspension contained 1.3 x 10(6 fungi/ml and presented 38% viability. Seven months after inoculation, most of the animals presented profuse infiltrates consisting of isolated histiocytes, foreign body and Langhans' giant cells and a large number of fungi, most of them viable. Emergence of macroscopic lesions was observed during the 8th month. Based on fungal count, viability index before and after inoculation, presence of macroscopic lesions and histopathological findings similar to the findings in humans, the authors believe that BALB/c mice may be a good experimental model to study Jorge Lobo's Disease, mainly regarding therapeutic evaluation.Em trabalho anterior, os autores inocularam camundongos Suíços com o Lacazia loboi (L. loboi conseguindo a manutenção de um infiltrado granulomatoso e células fúngicas viáveis por até um ano e 6 meses após a inoculação. Considerando-se trabalhos experimentais realizados na paracoccidioidomicose, eles inocularam 0,03 ml de suspensão fúngica, obtida de biópsia de lesão de um paciente portador da doença de Jorge Lobo, em ambos coxins plantares traseiros de 32 camundongos BALB/c, de ambos os sexos e com 6 semanas de idade. Os animais foram sacrificados com 1, 4, 7 e 10 meses pós-inoculação. A suspensão possuía 1.3x10(6 de fungos/ml e 38% de índice de viabilidade. Após 7 meses de inoculação a maioria dos animais já apresentava um infiltrado exuberante constituído por histi

  9. Pathogenicity of different rabies virus isolates and protection test in vaccinated mice Patogenicidade de diferentes isolados do vírus da raiva e teste de proteção em camundongos vacinados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elenice M.S. Cunha

    2010-10-01

    Full Text Available This study was aimed to evaluate and compare the pathogenicity of rabies virus isolated from bats and dogs, and to verify the efficacy of a commercial rabies vaccine against these isolates. For evaluation of pathogenicity, mice were inoculated by the intramuscular route (IM with 500MICLD50/0.03mL of the viruses. The cross-protection test was performed by vaccinating groups of mice by the subcutaneous route and challenged through the intracerebral (IC route. Isolates were fully pathogenic when inoculated by the IC route. When inoculated intramuscularly, the pathogenicity observed showed different death rates: 60.0% for the Desmodus rotundus isolate; 50.0% for dog and Nyctinomops laticaudatus isolates; 40.0% for Artibeus lituratus isolate; 9.5% Molossus molossus isolate; and 5.2% for the Eptesicus furinalis isolate. Mice receiving two doses of the vaccine and challenged by the IC route with the isolates were fully protected. Mice receiving only one dose of vaccine were partially protected against the dog isolate. The isolates from bats were pathogenic by the IC route in mice. However, when inoculated through the intramuscular route, the same isolates were found with different degrees of pathogenicity. The results of this work suggest that a commercial vaccine protects mice from infection with bat rabies virus isolates, in addition to a canine rabies virus isolate.O estudo avaliou e comparou as propriedades patogênicas de cinco isolados do vírus da raiva de morcegos e um isolado do vírus da raiva de cão e analisou a eficácia de vacina comercial contra estes isolados, em camundongos. Para o estudo de patogenicidade camundongos foram inoculados pela via IM com 0,1 mL contendo 500MICLD50/0,03mL das amostras de vírus. Quando inoculados pela via IC, os isolados do vírus da raiva provocaram a morte de 100% dos camundongos. No entanto, 500MICLD50/0,03mL das mesmas amostras, inoculadas pela via IM, ocasionaram mortalidade de: 60,0% quando a amostra

  10. Persistence of specific antibody response in different experimental infections of mice with Toxocara canis larvae Persistência da resposta humoral em camundongos experimentalmente infectados com larvas de Toxocara canis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro Paulo Chieffi

    1995-06-01

    Full Text Available Anti-Toxocara antibody production and persistence were studied in experimental infections of BALB/c mice, according to three different schedules: Group I (GI - 25 mice infected with 200 T. canis eggs in a single dose; Group II (GII 25 mice infected with 150 T. canis eggs given in three occasions, 50 in the 1st, 50 in the 5th and 50 in the 8th days; Group III (GIII - 25 mice also infected with 150 T. canis eggs, in three 50 eggs portions given in the 1st, 14th and 28th days. A 15 mice control group (GIV was maintained without infection. In the 30th, 50th, 60th, 75th, 105th and 180th post-infection days three mice of the GI, GII and GIII groups and two mice of the control group had been sacrificed and exsanguinated for sera obtention. In the 360th day the remainder mice of the four groups were, in the same way, killed and processed. The obtained sera were searched for the presence of anti-Toxocara antibodies by an ELISA technique, using T. canis larvae excretion-secretion antigen. In the GI and GII, but not in the GIII, anti-Toxocara antibodies had been found, at least, up to the 180th post-infection day. The GIII only showed anti-Toxocara antibodies, at significant level, in the 30th post-infection day.Estudou-se a cinética de anticorpos anti-Toxocara em camundongos BALB/c infectados experimentalmente segundo três esquemas: Grupo I (GI: 25 camundongos infectados com dose única de 200 ovos embrionados de T. canis; grupo II (GII: 25 camundongos infectados com 150 ovos embrionados de T. canis, divididos em três doses de 50 ovos, administrados no 1º, 5º e 8º dias; Grupo III (GIII: 25 camundongos infectados com 150 ovos embrionados de T. canis, administrados em três doses de 50 ovos no 1º, 14º e 28º dias. Um grupo de 15 camundongos foi mantido nas mesmas condições, porém sem infecção, constituindo o grupo controle (GIV. No 30º, 50º, 60º, 75º, 105º e 180º dias pós-infecção três camundongos dos grupos GI, GII e GIII e dois do

  11. Remyelination in experimentally demyelinated connexin 32 KnockOut mice Remielinização em camundongos KnockOut para conexina 32 desmielinizados experimentalmente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriano Tony Ramos

    2009-06-01

    Full Text Available The aim of this study was to evaluate the role of connexin 32 (Cx 32 during remyelination of the peripheral nervous system, through a local injection of either 0,1% ethidium bromide solution or saline in the sciatic nerve of Cx 32 knockout mice. Euthanasia was performed ranging from 1, 2, 3, 7, 15, 21 to 30 days after injection. Histochemical, immunohistochemical, immunofluorescence and transmission electron microscopical techniques were used to analyze the development of the lesions. Within the sciatic nerves, Schwann cells initially showed signs of intoxication and rejected their sheaths; after seven days, some thin newly formed myelin sheaths with uneven compactness and redundant loops (tomacula were conspicuous. We concluded that the regeneration of lost myelin sheaths within the PNS followed the pattern already reported for this model in other laboratory species. Therefore, these results suggest that absence of Cx 32 did not interfere with the normal pattern of remyelination in this model in young mice.Este estudo visou avaliar o papel da conexina 32 (Cx 32 durante a remielinização no sistema nervoso periférico. Uma injeção local de 0,1% de solução de brometo de etídio foi realizada no nervo ciático de camundongos deletados para a Cx 32, com eutanásia dos animais aos 1, 2, 3, 7, 15, 21 e 30 dias pós-injeção. Avaliações histoquímicas, imunoistoquímicas, por imunofluorescência e por microscopia eletrônica de transmissão foram utilizadas na análise do desenvolvimento das lesões. Nos nervos ciáticos, células de Schwann mostraram inicialmente sinais de intoxicação e rejeitaram suas bainhas. Após sete dias, observaram-se finas bainhas neoformadas, com compactação desigual e alças redundantes (tomácula. Conclui-se que a regeneração de bainhas de mielina perdidas no SNP seguiu o padrão já relatado deste modelo em outras espécies de laboratório. Portanto, estes resultados sugerem que a ausência da Cx 32 n

  12. Infecção experimental pelo Trypanosoma cruzi em camundongos: influência do exercício físico versus linhagens e sexos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberta Cristhiany Occhi Soares

    2012-02-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A doença de Chagas é uma infecção causada pelo Trypanosoma cruzi que afeta oito milhões de pessoas na América Latina. Um fator ligado ao estilo de vida que interfere significativamente na resposta à infecção é o exercício físico, dependendo do tipo, intensidade e frequência da atividade praticada. OBJETIVO: Avaliar a influência do exercício físico aeróbio moderado crônico pré-infecção na evolução da infecção experimental pelo T. cruzi em camundongos de duas linhagens distintas pertencentes aos dois sexos. MÉTODOS: Camundongos Swiss e BALB/c (machos e fêmeas com 30 dias de idade foram divididos em quatro grupos para cada linhagem e sexo (total de 16 e nomeados como segue: SM (Swiss machos, SF (Swiss fêmeas, BM (BALB/c machos e BF (BALB/c fêmeas. Os grupos foram: NT+NI (não treinado+não infectado, T+NI (treinado+não infectado, NT+I (não treinado+infectado e T+I (treinado+infectado. O programa de exercício físico aeróbio moderado crônico pré-infecção foi realizado durante oito semanas, com uma sessão diária de treinamento, cinco vezes na semana. O inóculo foi de 1.400 tripomastígotas sanguíneos da cepa Y do T. cruzi, via intraperitoneal. Foi avaliado o pico de parasitos, parasitemia total média e as medidas das atividades séricas de CK e CK-MB. RESULTADOS E CONCLUSÃO: O treinamento físico promoveu nas duas linhagens e em ambos os sexos redução no pico de parasitos e na parasitemia total média em animais infectados pelo T. cruzi. O treinamento físico promoveu redução nas atividades séricas de CK e CK-MB em animais infectados pelo T. cruzi, de ambos os sexos, das duas linhagens, exceto para fêmeas Swiss na atividade de CK e CK-MB.

  13. Importância do camundongo mdx na fisiopatologia da distrofia muscular de Duchenne The importance of mdx mouse in the pathophysiology of Duchenne's muscular distrophy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandra Lopes Seixas

    1997-09-01

    Full Text Available O camundongo mdx desenvolve distrofia muscular recessiva ligada ao cromossoma X (locus Xp21.1 e não expressa distrofina. Embora não apresente intensa fibrose do tecido muscular e acúmulo de tecido adiposo, é considerado o modelo animal mais adequado da distrofia muscular de Duchenne. As alterações estruturais no tecido muscular associadas à mionecrose e presença do infiltrado inflamatório com predomínio de linfócitos e monócitos/macrófagos sugerem uma participação do sistema imunológico nesta miopatia. Além disso a modulação na expressão dos componentes da matriz extracelular no microambiente muscular nas várias fases da doença (início, mionecrose, regeneração indicam um papel importante do conjuntivo no direcionamento das células inflamatórias para o foco da lesão muscular. O camundongo mdx coloca-se como um excelente modelo para o estudo dos mecanismos patogenéticos da mionecrose e regeneração na distrofia muscular de Duchenne, possibilitando inclusive o desenvolvimento de estratégias terapêuticas mais adequadas.The mdx mouse develop an X-linked recessive muscular dystrophy (locus Xp21.1 and lack dystrophin expression. Despite showing less intense myofibrosis and scarce deposition of fatty tissue, mdx mice are considered an adequate animal model for studies on the pathogenesis of Duchenne-type muscular dystrophy. Marked histological alterations in the muscular tissues associated to myonecrosis and inflammatory mononuclear cell infiltrate (lymphocytes, monocytes/macrophages suggest a participation of the immune system in this myopathy. Modulation of the extracellular matrix (ECM components in the muscular tissue during all phases (onset, myonecrosis and regeneration of disease, indicate an important role for the ECM driving inflammatory cells to the foci of lesion. Therefore mdx mice should be regarded as an important tool for studies on pathogenetic mechanisms of Duchenne-type muscular dystrophy. Such

  14. Efeito dos resíduos de café seco e fermentado por Monascus ruber no metabolismo de camundongos Apo E

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Larissa Froede Brito

    2012-08-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A aterosclerose é uma doença inflamatória crônica de origem multifatorial que ocorre em resposta à agressão endotelial. O fungo Monascus ruber apresenta atividade hipocolesterolêmica e polifenóis presentes no resíduo de café apresentam atividade antioxidante, podendo auxiliar na prevenção de doenças cardiovasculares. O resíduo de café possui quantidade significativa de açúcares fermentescíveis, constituindo-se em substrato apropriado para o cultivo de fungos. OBJETIVO: O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito dos resíduos de café seco e fermentado por Monascus ruber no metabolismo lipídico de camundongos knockout Apo E. MÉTODOS: O ensaio biológico foi realizado com 30 camundongos knockout para o gene Apo E, divididos em cinco grupos e submetidos a diferentes tratamentos. Foi realizada a prospecção fitoquímica e quantificação de compostos fenólicos dos resíduos fermentado e sem fermentar. O soro dos animais foi analisado utilizando kits enzimáticos e o tecido aórtico incluso em parafina e corado com H/E para realização da análise histopatológica. RESULTADOS: O resíduo de café sem fermentar 2%, em relação ao grupo controle, diminuiu em 42% o nível sérico de triacilgliceróis e em aproximadamente 41% a fração VLDL-c. Os grupos dos animais alimentados com 10% de resíduo não fermentado e 2% de resíduo fermentado diminuíram a área de lesão 10,5% e 15,4%, respectivamente, quando comparados ao controle. O resíduo fermentado apresentou um teor de compostos fenólicos superior ao resíduo não fermentado. CONCLUSÃO: O presente estudo mostra que a fermentação do resíduo de café apresenta potencial efeito benéfico sobre as doenças cardiovasculares, especialmente a aterosclerose.

  15. Infection of sparrows (Passer domesticus and different mice strains with Lawsonia intracellularis Infecção de pardais (Passer domesticus e diferentes linhagens de camundongos com Lawsonia intracellularis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline de M. Viott

    2013-03-01

    Full Text Available The susceptibility of sparrows (Passer domesticus and strains of mice (Swiss, BALB/c, C-57 and DB-A to Lawsonia intracellularis infection was studied. Thirty-two sparrows were inoculated with pure culture of L. intracellularis and eleven received sham inoculum. Feces were collected on -1, 7, 14 and 21 days post infection (dpi for detection of L. intracellularis by PCR. After 21 days, all sparrows were euthanized and the tissues processed for histology and immunohistochemistry (IHC. One hundred sixty mice of four different strains (n=40, per strain were used. For each mouse strain, 16 animals received mucosa homogenate from a pig infected with L. intracellularis, 16 received pure culture of L. intracellularis and eight animals received sham inoculum. Two control and four inoculated mice from each group were euthanized on 7, 14, 21 and 28 dpi. Sections of intestine were collected for histologic analysis and IHC and pooled feces were collected for L. intracellularis PCR. None of the sparrows had any histologic lesions characteristic of proliferative enteropathy or antigen labeling by IHC. All sparrow fecal samples were negative by PCR. All mice strains studied had histopathological lesions typical of PE and IHC labeling consistent with L. intracellularis infection, especially those animals inoculated with pure culture. The most severe lesions were observed in DB-A and Swiss mice. Fecal shedding was detected in all mice strains, with peak at 14 dpi. We conclude that sparrows do not seem to be relevant in the epidemiology of L. intracellularis. The results showed variations in the lesions among the four mice strains used.A susceptibilidade de pardais (Passer domesticus e linhagens de camundongos (Swiss, BALB / C, C-57 e DB-A à infecção por L. intracellularis foi testada. Trinta e dois pardais foram inoculados com cultura pura de L. intracellularis e onze receberam placebo. As fezes foram coletadas nos dias -1, 7, 14 e 21 após a infecção (dpi

  16. Lethal effect of oxamniquine and praziquantel on mice experimentally infected with Schistosoma mansoni Efeito letal de oxamniquina e praziquantel em camundongos experimentalmente infectados com Schistosoma mansoni

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sonia Maria A.F. Tonelli

    1995-08-01

    Full Text Available Lethality caused by administration of oxamniquine and praziquantel to mice infected with Schistosoma mansoni, and their respective controls (uninfected, has been studied. As the results indicate, the infected animals clearly showed higher mortality rates when praziquantel was used. Surprisingly, it may be noted that exactly the contrary occurs in relation to the use of oxamniquine, inasmuch as marked higher mortality rates were seen in the control animals (uninfected. These observations lead to the conclusion that further toxicological studies of antischistosomal drugs using. S. mansoni infected animals are needed.Pesquisou-se a letalidade causada por administração de drogas (oxamniquina e praziquantel em camundongos infectados por Schistosoma mansoni e seus respectivos controles não infectados. Os resultados indicam que os animais infectados apresentam claramente taxas de mortalidade mais altas, quando foi utilizado o praziquantel. Surpreendentemente, o contrário aconteceu com relação ao uso da oxamniquina, uma vez que taxas de mortalidade marcantemente mais altas puderam ser detectadas nos animais controles (não infectados. Estas observações levam à conclusão de que são necessários mais estudos toxicológicos sobre drogas esquistossomicidas, usandose animais infectados com S. mansoni.

  17. Immunohistochemical detection of Tritrichomonas foetus in experimentally infected mice Detecção imunohistoquímica de Tritrichomonas foetus em camundongos experimentalmente infectados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristina Esther Monteavaro

    2000-03-01

    Full Text Available The need to intensify knowledge of the pathogenesis of bovine genital trichomoniasis (BGT led to the use of alternative animal models such as the mouse. Nevertheless, it is necessary to elucidate the dynamics of the infection in this animal species, evaluating different stages of the colonization and evolution of the pathological alterations. The immunohistochemistry (IHC offers advantages over the routine histopathological staining techniques for the detection of the protozoan in tissues, cellular detritus and inside the macrophages. The goal of the present study was to demonstrate the presence of Tritrichomonas foetus in the reproductive tract of infected mice using an IHC technique. Female BALB/c mice were infected with a suspension of T. foetus by intravaginal route, in the estrum phase, detected by exfoliative vaginal cytology. After 10 weeks, the animals were sacrificed; uterus and vagina were fixed and histologically processed. Some slides were stained with HE. The rest of the slides were processed for IHC. An immunoadsorbed polyclonal serum against T. foetus was used. The avidine-biotine technique (HistoMouse, Zymed™ was employed. The histopathological studies showed a dilation of the uterine glands, presence of macrophages in the lumen of the organ and inner part of the endometrial glands. No T. foetus was identified using this method. The IHQ allowed additionally the identification of the protozoan in the endometrium, endometrial glands, uterine lumen and inside neutrophils and macrophages. The cytological studies stained with IHC showed either isolated T. foetus adhered to epithelial cells or inside macrophages. This technique proves to be a useful tool for the study of the pathogenesis of bovine genital trichomoniasis (BGT in an experimental model.A necessidade de aumentar o conhecimento da patogenia da tricomoníase genital bovina (BGT conduziu ao uso de modelos experimentais alternativos como o camundongo. Não obstante, é necess

  18. Associação de betabloqueadores e treinamento físico na insuficiência cardíaca de camundongos Asociación de betabloqueantes y entrenamiento físico en la insuficiencia cardíaca de ratones Association of physical training with beta-blockers in heart failure in mice

    OpenAIRE

    Andréa Somolanji Vanzelli; Alessandra Medeiros; Raquel de Assis Sirvente; Vera Maria Cury Salemi; Charles Mady; Patricia Chakur Brum

    2010-01-01

    FUNDAMENTO: O tratamento da insuficiência cardíaca (IC) conta atualmente com diversos tipos de intervenções. Dentre elas, destacam-se a terapia com betabloqueadores (BB) e o treinamento físico (TF). Contudo, os efeitos da associação dessas terapias são pouco estudados. OBJETIVO: Verificar os efeitos do tratamento com BB, metoprolol (M) e carvedilol (C) associados ao TF na IC em camundongos. MÉTODOS: Utilizamos modelo genético de IC induzida em camundongos por hiperatividade simpática. Inicial...

  19. Boosting the suppressive effects of Ascaris suum components in IFN-γ-deficient mice Potencialização do efeito supressor de componentes do Ascaris suum em camundongos deficientes em IFN-γ

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valdênia Maria Oliveira Souza

    2009-06-01

    Full Text Available High molecular weight components from Ascaris suum extract suppress ovalbumin-specific immunity in mice. In IFN-γ-deficient mice, ovalbumin-specific delayed-type hypersensitivity reactions are more strongly downregulated by these suppressive components. Here, the cellularity of the delayed-type hypersensitivity reaction in IFN-γ-deficient mice and the increased downregulation induced by Ascaris suum components were analyzed. IL-12p40-dependent neutrophilic influx was predominant. Suboptimal doses of the suppressive fraction from this nematode completely inhibited the hypersensitivity reaction, thus indicating intensification of the immunosuppression under conditions of intense recruitment of IFN-γ-independent neutrophils.Componentes de alto peso molecular do extrato de Ascaris suum suprimem a imunidade específica à ovalbumina em camundongos. Em camundongos geneticamente deficientes de IFN-γ a reação de hipersensibilidade tardia específica para ovalbumina foi mais fortemente prejudicada por estes componentes supressivos. Aqui, a celularidade da reação de hipersensibilidade tardia em camundongos deficientes de IFN-γ e o incremento na supressão induzida por componentes do Ascaris suum foram analisados. Influxo neutrofílico, dependente de IL-12p40, foi predominante. Dose sub-ótima da fração supressiva do nematódeo inibiu completamente a reação de hipersensibilidade, indicando uma intensificação da imunossupressão em condições de recrutamento intenso de neutrófilos independente de IFN-γ.

  20. Efeito da administração de cordiasalicifoliacham (CSC sobre o metabolismo glicídico de camundongos tornados intolerantes a glicose pela administração neonatal de monoglutamato de sódio (MSG

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela Sayumi Tsuchiya

    2014-10-01

    Full Text Available Introdução. A CSC é atribuída um possível efeito benéfico no metabolismo de glicose. Objetivo: Avaliar o efeito da CSC sobre o peso corporal e metabolismo glicídico de camundongos que receberam administração neonatal de MSG. Metodologia: Camundongos Swiss receberam MSG do 2o ao 11o dia de vida (grupo MSG ou o mesmo volume de solução fisiológica (grupo CONT. Aos 3 meses de vida, parte dos animais passou a receber uma solução CSC (grupos MSG+CS e CONT+CS, 400 mg/kg. Os demais animais receberam água normal (grupo CONT e MSG. O peso foi acompanhado semanalmente. Ao final das 8 semanas, os animais foram submetidos aos testes de tolerância oral à glicose e de tolerância à insulina. Resultados: A indução de obesidade determinou aumento de peso, marcada intolerância à glicose, resistência à insulina, aumento da gordura visceral e maior massa ventricular. O tratamento com CSC nos camundongos MSG determinou um menor ganho de peso e redução significante da intolerância à glicose, apesar de que estes valores ainda sejam maiores que os animais controles. Não houve melhora na resistência à insulina. A melhora da intolerância à glicose foi semelhante àquela que aconteceu no peso da gordura visceral. Conclusão:A CSC determinou menor gordura visceral e formação de mediadores inflamatórios que determinaram melhora do metabolismo glicídico.

  1. Infecção experimental de camundongos albinos com cercárias de Schistosoma mansoni Sambon, 1907, previamente submetidas a ação de termofosfato magnesiano

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberto Milward-de-Andrade

    1989-04-01

    Full Text Available Foi realizada infecção experimental de camundongos albinos ("Swiss inbred" com cercárias de Schistosoma mansoni, cepa LE, submetidas à ação do adubo termofosfato magnesiano (Tfm, usualmente utilizado em latossolos tropicais e capaz, quando ingerido, de provocar o bloqueio da ovogênese de moluscos planorbídeos. Nas condições do experimento, observou-se a infecção dos roedores. Porém, o número de ovos eliminados pelo grupo controle, representado por cinco camundongos, foi sensivelmente maior que o do grupo Tfm, ainda que a recuperação de vermes, por perfusão, tenha sido bem menor. Do grupo Tfm, foram recuperados 163 (98,2% vermes adultos machos e apenas 3 (1,8% fêmeas, isoladas. Do grupo controle, a perfusão proporcionou 53 vermes adultos, sendo 13 machos, 18 fêmeas e 11 casais. Cada camundongo foi exposto a 150 cercárias.Experimental infection of white mice (Swiss inbred with LE strain Scistosoma mansoni cercariae submitted to the action of magnesium thermophosphate (Tfm, usually used in tropical latosoils, was performed. This product is able to block ovogenesis of planorbid molluscs. In these experimental conditions, rodents were infected. But, the number of eggs released by the control group (five mice was markedly greater than that of the Tfm group, although a short number of worms were recovered by perfusion. From the Tfm group, 163 adult worms (98,2% were recovered and only 3 females (1,8%. Of the control group, perfusion recovered 62 adult worms (22 male worms, 18 female and 11 couples. Each mice was exposed to 150 cercariae.

  2. O etanercepte induz QRS de baixa tensão e disfunção autonômica em camundongos com doença de Chagas experimental

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Héctor Rodríguez-Angulo

    2013-09-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A doença de Chagas é uma doença parasitária tropical causada pelo protozoário flagelado Trypanosoma cruzi. A cardiomiopatia chagásica é caracterizada por distúrbios na regulação autonômica e na condução do potencial de ação nas fases aguda e crônica da infecção. Embora o fator de necrose tumoral alfa (TNF-α tenha sido associadoà cardiomiopatia em modelos experimentais e em pacientes com doença de Chagas, outros relatos sugerem que o TNF-α pode exercer ações antiparasitárias durante a fase aguda da infecção. OBJETIVOS: Este estudo teve como objetivo determinar os efeitos de um blocker TNF-α solúvel, o etanercepte, em parâmetros eletrocardiográficos na fase aguda da infecção experimental com Trypanosoma cruzi. MÉTODOS: Foram feitos eletrocardiogramas em camundongos infectados não tratados e camundongos infectados que foram tratados com etanercepte 7 dias após a infecção. Os parâmetros de variabilidade onda do eletrocardiograma e frequência cardíaca foram determinados utilizando o Chart para Windows. RESULTADOS: O tratamento com etanercepte resultou em uma baixa tensão do complexo QRS e uma redução da variabilidade da frequência cardíaca em comparação com a ausência de tratamento. No entanto, os camundongos tratados apresentaram um atraso na queda da curva de sobrevivência durante a fase aguda. CONCLUSÃO: Os resultados deste estudo sugerem que, embora o tratamento com etanercepte promova a sobrevivência em camundongos infectados com uma linhagem virulenta de T. cruzi, o bloqueio do TNF-α gera um complexo de baixa tensão e disfunção autonômica durante a fase aguda da infecção. Esses resultados indicam que a mortalidade durante a fase aguda pode ser atribuída a uma resposta inflamatória sistêmica, em vez da disfunção cardíaca.

  3. Aterogênese induzida por albumina modificada por glicação avançada em camundongos dislipidêmicos é previnida pelo tratamento com losartana 

    OpenAIRE

    Diego Juvenal Gomes

    2015-01-01

    INTRODUÇÃO: Produtos de glicação avançada (AGE) encontram-se aumentados no diabete melito e contribuem independentemente para o risco cardiovascular. O reconhecimento dos AGE pelo receptor para produtos de glicação avançada (RAGE) potencializa vias de sinalização pró-aterogênicas. Antagonistas do receptor de angiotensina II (ANGII) do tipo 1 (AT-1) diminuem a expressão de RAGE em área de lesão aterosclerótica. No presente projeto, avaliou-se, na aorta de camundongos dislipidêmicos (knockout p...

  4. Efeitos do reiki na evolução do granuloma induzido através da inoculação do BCG em hamsters e do tumor ascítico de Ehrlich induzido em camundongos

    OpenAIRE

    Ricardo Rodrigues Garé

    2008-01-01

    Estudaram-se os efeitos da influência do Reiki na evolução do granuloma induzido experimentalmente pela inoculação do BCG no coxim plantar de hamsters, assim como os efeitos da mesma terapia em camundongos portadores do tumor ascítico de Ehrlich in vivo e in vitro. No modelo de inflamação granulomatosa crônica, utilizou-se 40 hamsters machos, os quais após serem inoculados com BCG no dia 0 no coxim da pata posterior direita, foram separados em dois grupos contendo 20 animais em cada. Um grupo...

  5. Efeito dos terpenos Ãcidos centipÃdico e lactona do Ãcido hawtriwaico em modelos de dermatite de contato induzida por TPA e oxazolona em camundongos

    OpenAIRE

    Iana Bantim FelÃcio Calou

    2008-01-01

    Os terpenos Ãcido centipÃdico e lactona do Ãcido hawtiwaico (LAH), isolados dos capÃtulos florais de Egletes viscosa Less, popularmente conhecida como macela ou macela da terra, foram avaliados em modelos de dermatite de contato irritativa induzida pelo 13-acetato-12-o-tetradecanoil-forbol (TPA) e de dermatite de contato alÃrgica induzida por oxazolona (OXA) em camundongos. O Ãcido centipÃdico e a LAH, por via tÃpica (0,125; 0,25 e 0,5mg/orelha), reduziram significativamente o edema de orelha...

  6. Embryo quality of mice (“Mus musculus” fed royal jelly Qualidade embrionária de camundongos ("Mus musculus" suplementados com geléia real

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruno Edésio dos Santos Melo

    2009-03-01

    Full Text Available The study was carried out to verify the effect of feeding royal jelly associated to follicle growth induction on number and quality of mice (Mus musculus embryos. Sixty Swiss females ageing from eight to ten weeks were distributed into three treatments: the first one, composed by animals fed 0.2 mL of physiological solution intraperitoneal (control group, n=20; the second and third ones, composed by females fed 0.5 and 1.0 mg of royal jelly diluted in 0.2 mL of physiological solution (n=20, respectively. Royal jelly was administered during 15 days, followed by the follicular growth induction process. Embryos were collected 68 hours after mating, by uterine flushing. No treatment effects on the number of females that answered to superovulatory process, the number of total recovery structures, the number of viable and non viable structures and the morphological quality of viable embryos (P>0.05 were observed. Therefore, royal jelly doses used were not efficient to increase the number of embryos and to improve the quality recovery from superovulated mice.Objetivou-se verificar a influência da geléia real, associada ao tratamento de indução de crescimento folicular, no número e na qualidade de embriões de camundongos (Mus musculus. Foram utilizadas 60 fêmeas da linhagem Suíço albino com idade entre oito e dez semanas, distribuídas em três tratamentos: o primeiro, composto por animais que receberam 0,2 mL de solução fisiológica, via intraperitonial (grupo controle, n=20; o segundo e terceiro, compostos de fêmeas que receberam 0,5 e 1 mg de geléia real diluídos em 0,2 mL de solução fisiológica via intraperitonial (n=20, respectivamente. Foi administrada geléia real por um período de 15 dias, segundo o processo de indução do crescimento folicular. As coletas dos embriões ocorreram 68 horas após a cobertura, utilizando-se o método da lavagem uterina. Não houve diferença no número de fêmeas que responderam ao tratamento

  7. White tea (Camellia sinensis extract reduces oxidative stress and triacylglycerols in obese mice Extrato de chá branco reduz extresse oxidativo e triacilglicerois em camundongos obesos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lílian Gonçalves Teixeira

    2012-12-01

    Full Text Available White tea is an unfermented tea made from young shoots of Camellia sinensis protected from sunlight to avoid polyphenol degradation. Although its levels of catechins are higher than those of green tea (derived from the same plant, there are no studies addressing the relationship between this tea and obesity associated with oxidative stress.The objective of this study was to evaluate the effect of white tea on obesity and its complications using a diet induced obesity model. Forty male C57BL/6 mice were fed a high-fat diet to induce obesity (Obese group or the same diet supplemented with 0.5% white tea extract (Obese + WTE for 8 weeks. Adipose tissue, serum lipid profile, and oxidative stress were studied. White tea supplementation was not able to reduce food intake, body weight, or visceral adiposity. Similarly, there were no changes in cholesterol rich lipoprotein profile between the groups. A reduction in blood triacylglycerols associated with increased cecal lipids was observed in the group fed the diet supplemented with white tea. White tea supplementation also reduced oxidative stress in liver and adipose tissue. In conclusion, white tea extract supplementation (0.5% does not influence body weight or adiposity in obese mice. Its benefits are restricted to the reduction in oxidative stress associated with obesity and improvement of hypertriacylglycerolemia.O chá branco é um chá não fermentando feito a partir de brotos jovens da Camellia sinensis protegidos da luz solar para evitar a degradação de polifenóis. Embora os níveis de catequinas sejam mais elevados que os do chá verde (mesma planta, nenhum estudo foi realizado sobre estresse oxidativo relacionado obesidade. Nosso objetivo foi avaliar o efeito do chá verde na obesidade e suas complicações, usando um modelo de obesidade induzida por dieta. Quarenta camundongos C57BL/6 machos foram alimentados com dieta hiperlipídica para indução da obesidade ou mesma dieta suplementada

  8. Avaliação do pigmento de Lawsonia inermis (henna como carreador de antígenos inoculados por via transcutânea em camundongos = Evaluation of Lawsonia inermis (henna pigment as a carrier of antigens inoculated by transcutaneous immunization pigment in mice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Biffi, Karoline

    2013-01-01

    Conclusões: As vacinações transcutâneas com antígeno bruto de P. brasiliensis e albumina sérica bovina em suspensão de pigmento de L. inermis não produziram resposta antigênica detectável em camundongos

  9. Transplante experimental cardíaco heterotópico e cutâneo em camundongos Experimental heterotopic cardiac and cutaneous transplantation in mice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Sestrheim

    2005-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estudo experimental com o objetivo de desenvolver e avaliar a viabilidade das técnicas de transplante experimental cardíaco heterotópico abdominal vascularizado e cutâneo em camundongos, criando um instrumento para investigação da eficácia de soluções de preservação, novas drogas imunossupressoras, agentes biológicos, terapia gênica e indução de tolerância imunológica. MÉTODO: Para este estudo, as técnicas utilizadas foram descritas previamente por Corry et al. e Billingham et al. RESULTADOS: O tempo cirúrgico total para a realização dos transplantes cardíacos (n=20 foi, em média, 60,3±6,3 minutos e para os transplantes cutâneos (n=20, 17,75±0,71 minutos. A média de sobrevida dos aloenxertos cutâneos (n=34 e cardíacos (n=24 foi, respectivamente, 7 e 11 dias, enquanto que os isoenxertos sobreviveram por mais de 100 dias. CONCLUSÕES: Ambas as técnicas se caracterizaram pela fácil reprodutibilidade dos modelos experimentais. As diferenças entre as técnicas não se limitaram às peculiaridades metodológicas ou ao tempo de sobrevida e vascularização, mas principalmente à sua imunogenicidade e suscetibilidade à rejeição.OBJECTIVE: This is an experimental study which aims at developing and evaluating the feasibility of experimental techniques of vascularized and cutaneous abdominal heterotopic heart transplant in mice, creating an instrument of investigation for the effectiveness of prservation solutions, new immunosuppressive drugs, biological agents, genetic therapy and induction of immunological tolerance. METHOD: The techniques used in this work were previously described by Corry et al. and Billingham et al. RESULTS: The total surgical time to perform the cardiac transplants (n=20 was on average 60.3+6.3 minutes and the time of cutaneous transplants (n= 20 17.75+0.71 minutes. The average survival of the cutaneous allografts (n=34 and cardiac (n=24 allografts was 7 and 11 days, respectively, while

  10. Ensaio terapêutico na infecção por Giardia muris em camundongo com metronidazole, tinidazole, secnidazole e furazolidone

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudia Cristina Pedigone Cruz

    1997-06-01

    Full Text Available Foi testado in vivo a sensibilidade de Giardia muris a quatro drogas comumente usadas no tratamento da giardíase humana. Foram utilizados 7 grupos de animais, com 12 camundongos cada, sendo que o grupo controle recebeu apenas solução salina 0,15M (0,5ml/animal. Os demais grupos receberam em dose única: metronidazole e furazolidone (500mg/kg, tinidazole e secnidazole (200mg/kg. A eficácia das drogas foi avaliada através da contagem de cistos nas fezes e pela ausência de trofozoítos no intestino. O metronidazole foi a droga mais eficaz. Os cortes histológicos mostraram diferenças entre o padrão da mucosa intestinal de animais normais e parasitados. No entanto, não se observou diferença entre o padrão de mucosa de animais infectados tratados e não tratados, o que sugere que estas alterações podem ser causadas pelo parasito e não pelas drogas.A comparative study about the effectiveness of metronidazole, tinidazole, secnidazole and furazolidone was performed on Giardia muris from mice naturally infected. Groups of 12 animals each was constituted: the control treated with saline; one treated with metronidazole; one treated with furazolidone; one treated with tinidazole; one treated with secnidazole; histological normal control; histological infected. Samples of three stools were examined before and after treatment with quantification of cysts. Animals were cured when the trophozoites was not seen in the small bowel. The curative activity of drugs was 58.3% for metronidazole, 50% for furazolidone, 40% for secnidazole and 16% for tinidazole. It was also showed that there was a different pattern of the intestinal mucosa from the control and infected groups, treated or not, suggesting that the alterations encountered in the mucosa of infected animals were due to the parasitism either the action of the drugs.

  11. Processo de reparo em feridas de extração dentária em camundongos tratados com o complexo Symphytum officinale e Calendula officinallis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    BALDUCCI-ROSLINDO Eleny

    1999-01-01

    Full Text Available Medicamentos homeopáticos como o Symphytum officinalle e a Calendula officinallis são dotados de propriedades anti-sépticas, antiinflamatória, cicatrizantes e também agem como promotores da consolidação de fraturas ósseas. Neste trabalho, uniram-se esses dois medicamentos similares em um complexo para verificar o seu efeito no reparo em feridas de extração dentária em camundongos. O complexo Symphytum officinalle e Calendula officinallis nas potências de 6CH e 3CH, respectivamente, foi ministrado por via oral ao grupo tratado durante 5 dias antes e após a extração do incisivo superior direito. No grupo controle, administraram-se 5ml de álcool etílico a 70% diluídos em 30 ml de soro fisiológico. Após a proservação, os animais foram sacrificados, a maxila direita separada da esquerda, fixada e processada para inclusão em parafina. Após a microtomia, os cortes obtidos foram corados pela H/E. A análise histológica mostrou que, tanto no grupo controle como no tratado, o alvéolo dentário estava preenchido por tecido de granulação e tecido ósseo neoformado, com graus variáveis de maturação, rico em osteócitos. No entanto, nos animais tratados, o processo de reparo em feridas após extração dentária do incisivo superior direito mostrou um avanço progressivo de neoformação óssea mais acentuado quando comparado ao grupo controle, em tempos equivalentes. Estes resultados enfatizam as propriedades biológicas do complexo Symphytum officinalle e Calendula officinallis e sua possível utilização como recurso terapêutico na Odontologia.

  12. Effect of a homeopatic complex on the behavior of mice under acute stress Homeopátia no comportamento de camundongos sob estresse agudo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Albert Schiaveto de Souza

    2009-12-01

    Full Text Available This experiment intended to evaluate the effect of homeopathic commercial complex (Convert H® on the performance and behavior of mice (Mus musculus submitted to acute stres. The agent stressor employee was the immobilization of the animals for 60 minutes in mini pipes of PVC immediately before the start of the behavioral evidence. The behavioral assessments, involved aspects associated with anxiety and mobility in evidence in the elevated plus-maze test, the spontaneous mobility in the open-field test and the aggressiveness in the resident-intruder paradigm. It was not identified interaction between the stresses caused acute and complex homeopathic on behavioral variables observed in the elevated plus-maze test and the open-field test. The used complex had an anxiogenic effect on animals not submitted to the stressing agent, however, in animals submitted to stress the anxiogenic effect of the complex was not the expected. The two groups that received homeopathy showed decreased motor activity, it is not possible to prove in this paper the response expected about reduction of the negative effects of stress on this behavior.Este experimento teve como objetivo avaliar o efeito do complexo homeopático comercial (Convert H® sobre o comportamento de camundongos (Mus musculus submetidos a estresse agudo. O agente estressor empregado foi a imobilização dos animais por 60 minutos em minitubos de PVC imediatamente antes do início das provas comportamentais. As avaliações comportamentais envolveram aspectos associados à ansiedade e mobilidade na prova do Labirinto em Cruz Elevado (LCE, à mobilidade espontânea no Teste de Campo Aberto (TCA e à agressividade na Prova do Combatente Isolado (PCI. Não se identificou interação entre o estresse agudo provocado e o complexo homeopático sobre as variáveis comportamentais observadas na prova do LCE e no TCA. O complexo utilizado teve um efeito ansiogênico nos animais não submetidos ao agente

  13. Resposta osteomielogênica ectópica ao implante de matriz óssea desmineralizada em camundongos tratados com bussulfano

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Julieta Rodini Engrácia de Moraes

    1996-09-01

    Full Text Available Camundongos Swiss, fêmeas, (25-30 g; n = 100 receberam 4 injeções de bussulfano (20 mg/kg, ip a intervalos de 15 dias (n = 100. Antes do tratamento e após 30, 60 e 90 dias, os animais deste e de um grupo controle (n = 15 foram avaliados quanto ao leucograma, taxa de hemoglobina e hematrócito por meio do sangue colhido por punção retroorbital. Sessenta dias após o início do tratamento, 60 animais sobreviventes do grupo tratado e 15 animais do grupo controle receberam implantes intermuseulares de matriz óssea desmineralizada (MOD-10 mg. No 90s dia (30 dias após o implante foram sacrificados para exame histológico da medula óssea esternal (MOE e da resposta osteomielogênica ao implante de MOD. Trinta dias após o início do tratamento observou-se leucopenia, com diminuição do número de granulócitos, linfócitos e monócitos nos animais que receberam bussulfano. O hematócrito e a taxa de hemoglobina apresentaram-se diminuídos no 609 dia. O exame histológico da MOE do grupo tratado revelou hipocelularidade, dilatação dos capilares sinusóides e redução do número de megacariócitos (50%. Os animais controle apresentaram 100% de resposta positiva ao implante de MOD, havendo formação de placas metaplásicas compostas por trabéculas ósseas contendo cavitações preenchidas por células hematopoiéticas. Em 46,7% dos animais tratados observou-se resposta osteomielogênica semelhante à do grupo controle, mas com hipocelularidade e maior componente de adipócitos; 25% apresentaram resposta osteomielogênica tardia e incompleta com menor componente ósseo, maior componente cartilaginoso e ausência de células hematopoiéticas; nos 28,3% restantes a resposta foi negativa.

  14. Isolamento do Toxoplasma gondii de exsudato peritoneal e órgãos de camundongos com infecção experimental Isolation of Toxoplasma gondii from peritoneal exsudates and organs of experimentally infected mice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ligia M. Ferreira Jamra

    1991-12-01

    Full Text Available Foram examinados exsudatos peritoneais e órgãos (cérebro, coração, pulmão e músculo estriado de 53 camundongos infectados experimentalmente pelo Toxoplasma gondii, sendo 21 na fase aguda e 32 na crônica. Camundongos albinos, machos, de cerca de 25 g e 2 meses de idade foram inoculados, por via intraperitoneal, com 0,5 ml de exsudato peritoneal (taquizoitas ou macerado de cérebro (cistos de camundongos previamente infectados. O exame a fresco foi feito no exsudato peritoneal, entre 3 e 12 dias após inoculação e no cérebro, após 10 dias. Foram realizadas inoculações de macerados de órgãos em novos camundongos (repiques para a recuperação do parasita no exsudato ou no cérebro. Na infecção aguda as positividades foram, ao exame a fresco: exsudato peritoneal 19/19, pulmão 12/14, músculo 6/9, coração 4/9 e cérebro 1/3. Após inoculação: exsudato peritoneal 5/5, cérebro 2/2, coração 19/19, pulmão 13/13 e músculo 14/17. Após estes últimos resultados foram registrados 9 novos órgãos positivos. A positividade final (igual à recuperação do parasita foi: exsudato peritoneal 19/19 (100%, coração 15/17 (88,5%, músculo 12/14 (85,7%, pulmão 14/14 (100% e cérebro 2/3 (66,6%. Na infecção crônica, que transcorreu entre 10 e 495 dias, as positividades foram, ao exame a fresco: cérebro 28/32, coração 0/4 e músculo 0/4. Após repique: cérebro 6/6, coração 14/29 e músculo 16/26. Neste exame foi revelado um novo camundongo positivo elevando para 29 o total de camundongos positivos ou 90,6%. O resultado final foi: cérebro 28/32 (87,5%, músculo 16/28 (57,15% e coração 14/31 (45,1%. No fim da pesquisa, aos 495 dias, o cérebro apresentava grandes cistos ao exame a fresco e coração e músculo mostravam-se positivos através da inoculação. Conclusões: 1º nos camundongos o toxoplasma persistiu por 495 dias no cérebro, coração e músculo estriado; 2º o exame a fresco do pulmão pode substituir ou

  15. Diferença de susceptibilidade à infecção com T. Cruzi entre espécies de triatomíneos alimentados em cão, tatu e camundongo infectados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ítalo A. Sherlock

    1973-04-01

    Full Text Available Diversas espécies de triatomíneos foram alimentadas em cão, tatu e camundongos infectados pelo T. cruzi, para verificação de suas susceptibilidades. Em cão T. infestans e P. megistus se infectaram melhor. Em tatus T. iníestans e T. brasiliensis acusaram melhores índices de infecção, enquanto em camundongos as espécies de Rhodnius e T. brasiliensis foram as melhores infectadas. A positividade dos xenos não pareceu obrigatoriamente relacionada com a riqueza da parasitemia evidenciada através da hemoscopia direta. A positividade dos xenos em camundongos variou de 26 a 96%. Quando a mesma espécie de triatomineos foi usada em tipos diversos de animais, pareceu haver uma tendência para apresentarem diferentes taxas de infecções, de acordo com o animal empregado. Dessa forma, a susceptibilidade dos triatomíneos poderia estar dependente dos fatores: cepa do tripanosoma, espécie e fase do triatomíneo e o tipo do animal infectante.Our observations suggest that T. infestans and P. megistus were easier to infect with Trypanosoma cruzi after feeding on infected dog than two species of Rhodnius. In armadillo better infection rates for T. infestans and T. brasiliensis were obtained while those of species of Rhodnius was low. Also, P. megistus recorded high levei of infection but this results could not be compared. During two months after inoculated, beginning at the 5th day, trypanosomes were detected through xenodiagnosis in armadillos. In mice, four species of triatomids used simultaneously with Rhodnius had a higher infection rate, but Rhodnius was more susceptible than other species. Eight out 10 mices inoculated with two different virulent strains of T. cruzi died in a period of four months, two surviving for more than 11 months. The per- centage of positive xenodiagnosis of these mices during the first two months after inoculation varied from 28-96 %. The positivity of xenodiagnosis could not always be correlated with patent

  16. Efeito de estresse (Privação do Sono Paradoxal sobre o comportamento alimentar e metabolismo glicídico de camundongos submetidos a uma dieta hiperlipídica e tornados obesos pela administração neonatal de monoglutamato de sódio

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mário Luís Ribeiro Cesaretti

    2016-10-01

    Full Text Available Atualmente, nas sociedades modernas, o estilo de vida leva à privação de sono, ao menor número de horas dormindo e problemas relacionados à qualidade do sono. Estas mudanças, isoladamente ou em associação a uma dieta rica em calorias, podem refletir em alterações metabólicas no sistema nervoso autônomo e no eixo hipotálamo-hipófise- adrenal, estimulando os sistemas endócrinos, os quais podem aumentar a glicemia e, consequentemente, produzir intolerância à glicose. O estado de intolerância à glicose geralmente precede o aparecimento de diabetes tipo 2. Para tanto, este estudo visa avaliar os efeitos da associação da privação de sono paradoxal e dieta hipercalórica sobre o comportamento alimentar e a tolerância à glicose de camundongos. Neste artigo, camundongos Swiss foram divididos em seis grupos: Grupo Controle, Grupo Dieta Hipercalórica (Cafeteria, Grupo Privação de Sono Paradoxal, Grupo Privação de Sono Paradoxal + Dieta Hipercalórica, Grupo Monoglutamato de Sódio e Grupo Privação de Sono Paradoxal + Monoglutamato de Sódio . Durante as 8 semanas de acompanhamento, o consumo alimentar foi avaliado e os camundongos pesados periodicamente. Após o período de acompanhamento foi realizado o teste de tolerância oral a glicose e de sensibilidade à insulina. Ao final, os camundongos foram sacrificados e houve pesagem do coração e da gordura epididimal para avaliação. Não verificamos alteração do peso corporal dos camundongos que receberam dieta hipercalórica. Avaliando metabolicamente, verificamos que não houve alteração na tolerância a glicose nos grupos, porém, os animais que receberam dieta hipercalórica, apresentaram resistência à insulina e aumento significante da gordura visceral. Portanto, nesse estudo preliminar, verificou-se que a resistência à insulina de camundongos que recebem dieta hipercalórica associa-se ao aumento da gordura visceral.

  17. Avaliação in vitro da biomodulação de células de linhagem odontoblástica (MDPC-23) de camundongos com laser de baixa potência

    OpenAIRE

    Luciana Batista Pereira

    2009-01-01

    O laser de baixa intensidade ou terapêutico promove a biomodulação das respostas reparadoras naturais de células pulpares como os odontoblastos, sendo uma estratégia de tratamento a ser utilizada na terapia pulpar. O objetivo deste estudo foi avaliar in vitro o efeito da irradiação do laser terapêutico de arseniato de gálio e alumínio (GaAlAs) no comportamento da linhagem odontoblástica (MDPC-23) de camundongos. Células odontoblásticas foram plaqueadas na concentração de 104 células/poço (n=5...

  18. Exercício físico reduz a hiperglicemia de jejum em camundongos diabéticos através da ativação da AMPK

    OpenAIRE

    Pádua,Mônica F. de; Pádua,Thomas F. de; Pauli,José R.; Souza,Cláudio T. de; Silva,Adelino S. R. da; Ropelle,Eloize C. C.; Cintra,Dennys E.; Carvalheira,José Barreto C.; Ropelle,Eduardo R.

    2009-01-01

    INTRODUÇÃO: A deficiência na captação de glicose em tecidos periféricos e o aumento da gliconeogênese hepática são fenômenos fisiopatológicos observados em pacientes diabéticos do tipo 2. O exercício físico é considerado um importante aliado para a melhora do perfil glicêmico em pacientes diabéticos; entretanto, os mecanismos envolvidos nesse processo não estão completamente elucidados. OBJETIVO: Avaliar o papel da proteína AMPK no controle glicêmico em camundongos diabéticos após o exercício...

  19. Antiamnesic evaluation of C. phlomidis Linn. bark extract in mice Avaliação da atividade antiamnésica da casca de C. phlomidis Linn. em camundongos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    anumanthachar Joshi

    2008-12-01

    Full Text Available Clerodendron phlomidis Linn. (Verbenaceae is known as Agnimantha in sanskrit. Bark of the plant is used in treating various nervous disorders. In the present study C. phlomidis was investigated for its potential as a nootropic agent in mice. The aqueous extract of the C. phlomidis (100 and 200 mg/kg, p.o. was administered for 6 successive days to both young and aged mice. Exteroceptive behavioral models such as elevated plus maze and passive avoidance paradigm were employed to evaluate short term and long term memory respectively. Scopolamine (0.4 mg/kg, i.p., diazepam (1 mg/kg, i.p. were employed to induce amnesia in mice. To delineate the mechanism by which C. phlomidis exerts nootropic action, its effect on brain acetyl cholinesterase levels were determined. Piracetam (200 mg/kg, i.p. was used as a standard nootropic agent. Pretreatment with C. phlomidis (100 and 200 mg/kg, p.o. for 6 successive days significantly improved learning and memory in mice. It reversed the amnesia induced by scopolamine, diazepam and natural ageing. It also decreased the acetyl cholinesterase levels in the whole brain. The bark of C. phlomidis can be of enormous use in the management of treatment of cognitive disorders such as amnesia and Alzheimer's disease.Clerodendron phlomidis Linn. (Verbenaceae é conhecida como Agnimantha em sânscrito. A casca da planta é utilizada no tratamento de várias disfunções neurológicas. No presente estudo, C. phlomidis foi investigada pelo seu potencial como agente nootrópico em camundongos. O extrato aquoso de C. phlomidis (100 e 200 mg/kg, p.o. foi administrado por seis dias consecutivos tanto para camundongos jovens quanto para idosos. Modelos comportamentais exteroceptivos, tais como labirinto em cruz elevada e paradigma de esquiva passiva foram empregados para avaliar memória recente e tardia, respectivamente. Escopolamina (0,4 mg/kg i.p., diazepam (1 mg/kg i.p. foram empregados para induzir amnésia em camundongos. A

  20. Pathogenicity of Rhodococcus equi in mice, isolated from environment, human and horse clinical samples Patogenicidade atogenicidade em camundongos de isolados clí- clínicos, nicos, ambientais e humanos de Rhodococcus equi

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mateus M. Costa

    2006-09-01

    cido micólico e alguns produtos codificados por um grande plasmídeo de 85-90Kb foram descritos como fatores de virulência. Entretanto, a patogênese da infecção e a susceptibilidade dos potros não s��o completamente entendidas. Nove cepas carreando o plasmídeo e isoladas de potros doentes, um isolado de paciente humano imunossuprimido, e seis cepas sem plasmídeo (4 de fezes, 1 de pastagem e 1 de paciente humano imunossuprimido foram inoculadas em camundongos imunossuprimidos com ciclofosfamida. As alterações patológicas e a viabilidade das células de R. equi no fígado foram verificadas depois do terceiro, sexto e décimo dia após a inoculação para isolados clínicos e depois do primeiro, terceiro e sexto dia para isolados de pacientes humanos. Na necropsia foram detectados infiltrado de macrófagos e lesões piogranulomatosas no fígado e baço dos camundongos após o sexto dia da inoculação. Para isolados clínicos, somente os plasmídeo positivos foram virulentos, mas para os humanos, ambos os isolados (plasmídeo positivos e plasmídeo negativos foram virulentos. Ambos os grupos de camundongos imunossuprimidos inoculados com isolados ambientais mostraram alterações patológicas. Todos os isolados foram incapazes de matar camundongos imunocompe-tentes.

  1. Efeitos do exercício físico aeróbico na lesão pulmonar aguda induzida por lipopolissacarídeo em camundongos

    OpenAIRE

    Cintia Tokio Reis Gonçalves

    2012-01-01

    Introdução: A prática regular de exercício tem sido grandemente associada a efeitos benéficos em doenças pulmonares crônicas como asma e doença pulmonar obstrutiva crônica. Poucos estudos têm avaliado os benefícios do exercício aeróbico na lesão pulmonar aguda (LPA). Objetivo: Neste estudo nós investigamos os mecanismos envolvidos no papel do exercício físico em diminuir os danos pulmonares causados pela LPA induzida por lipopolissacarídeo (LPS). Métodos: Camundongos Balb/c foram divididos em...

  2. Morfologia e desenvolvimento de Schistosoma mansoni Sambon, 1907 em infecções unissexuais experimentalmente produzidas no camundongo Morphology and development of Schistosoma mansoni Sambon, 1907 in unisexual infections produced experimentally in mice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eliana Maria Zanotti

    1982-04-01

    Full Text Available Estudou-se o desenvolvimento de Schistosoma mansoni em infecções unissexuais no camundongo. Os esquistossomos fêmeos apresentaram-se menos desenvolvidos do que os machos. Houve correlação entre o comprimento dos machos e o número de testículos. Verificou-se que o isolamento sexual é prejudicial aos dois sexos, principalmente à fêmea.The Schistosoma mansoni development in mice submitted to unisexual infections was studied. The single female worms developed less than the single males. There was correlation between the male's length and the number of his tests. It was verified that sexual isolation of the schistosomes is prejudicial to both sexes, mainly for the female.

  3. Alterações neuropatológicas induzidas pelo tratamento neonatal com ferro e pelo envelhecimento em ratos e em camundongos transgênicos e suas implicações em processos neurodegenerativos

    OpenAIRE

    Fernandez, Liana Lisboa

    2009-01-01

    O presente estudo foi planejado para investigar alterações neuropatológicas em ratos adultos e velhos, e em camundongos trangênicos APP/PS1 submetidos à administração de ferro suplementar num período crítico pós-natal, com o objetivo de estudar a contribuição de fatores de risco ambientais e genéticos na patogênese de doenças neurodegenerativas. Nenhuma diferença significativa foi vista na abundância das proteínas β-amilóide, tau fosforilada e na α-sinucleína, analisados por IHC no encéfalo, ...

  4. Imunização de camundongos com «vacina» viva avirulenta de Trypanosoma cruzi: II Ensaio da avaliação do tempo de eficiência da vacina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Humberto Menezes

    1970-02-01

    Full Text Available Camundongos "vacinados" com vacina viva avirulenta de T. cruzi se mostraram protegidos contra infecção virulenta, até 20 semanas após a imunização. Essa proteção foi inferior à observada avós 4 semanas de imunização e menor ainda do que a apresentada por animais infectados 4 semanas após a "vacinação" e reinfeetados 15 semanas depois. Neste último caso, a primeira infecção parece ter atuado como uma dose de reforço. O Autor assinala a dificuldade em determinar o tempo de validade da vacina, em virtude da resistência natural apresentada com a idade, mesmo pelos animais mais sensíveis.

  5. Avaliação experimental do atordoamento da tireóide em camundongos Experimental assessment of thyroid stunning in mice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Tatit Sapienza

    2001-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: O atordoamento do tecido tireoidiano após doses diagnósticas de iodo-131 é descrito como causa de baixa captação e resposta insatisfatória a doses terapêuticas subseqüentes. O objetivo do presente trabalho foi desenvolver um modelo experimental do atordoamento tireoidiano pós-actínico. MATERIAIS E MÉTODOS: Um total de 63 camundongos recebeu dose equivalente de 45 Sv na tireóide, mediante irradiação com iodo-123. Esta dose é similar à estimada para os remanescentes tireoidianos após administração de 185 MBq (5 mCi de iodo-131 para pesquisa de corpo inteiro. As medidas de captação tireoidiana de uma dose traçadora de iodo-131 foram efetuadas em subgrupos de nove animais, 2, 3, 5, 7, 12 e 26 dias após a irradiação. A captação nestes subgrupos foi correlacionada à de um grupo controle de nove animais não irradiados. RESULTADOS: A captação de iodo no grupo controle foi de 9,26%. Não foi observada variação significativa do valor médio de captação no período de tempo estudado. Houve aumento da variância das medidas efetuadas cinco dias após a irradiação, quando quatro dos nove animais apresentaram captação menor que 60% da média do grupo controle. CONCLUSÃO: Não houve queda sistemática da captação nos animais submetidos à dose de 45 Sv, notando-se, entretanto, tendência a maior flutuação na captação cinco dias após a irradiação. Estes achados podem ser decorrentes de diferenças interespécies ou podem indicar que o atordoamento com doses nesta faixa dependa de características individuais ou anormalidades funcionais prévias, que se somam ao efeito da radiação.OBJECTIVE: Thyroid tissue stunning after iodine-131 doses is a known cause of low uptake and unsatisfactory response to subsequent therapeutic doses. The objective of this study was to develop an experimental model of postactinic thyroid stunning. METHODS: A total of 63 mice received an equivalent dose of 45 Sv on the thyroid

  6. Parâmetros morfofisiológicos testiculares de camundongos (Mus musculus suplementados com geleia real Morphophysiological parameters of mice (Mus musculus testicles supplemented with royal jelly

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.C.T. Morais

    2009-02-01

    Full Text Available Avaliaram-se os efeitos da geleia real sobre os parâmetros morfofisiológicos testiculares de camundongos (Mus musculus. Utilizaram-se 57 machos Swiss, com quatro meses de idade, distribuídos aleatoriamente em seis tratamentos: T1: solução fisiológica, via intraperitoneal; T2: 0,1mg de geleia real, via intraperitoneal; T3: 0,2mg de geleia real, via intraperitoneal; T4: água destilada, via oral; T5: 0,1mg de geleia real, via oral; e T6: 0,2mg de geleia real, via oral. Após 45 dias de suplementação com geleia real, os animais sacrificados e pesados tiveram seus testículos coletados, incluídos em parafina e corados com hematoxilina/eosina. Não houve diferença entre os tratamentos quanto aos: pesos corporal e testicular, índice gonadossomático, diâmetro tubular, altura do epitélio, comprimento total dos túbulos seminíferos, comprimento tubular por grama de testículo, índices tubulossomático e leydigossomático e valores de proporção volumétrica referentes à túnica própria, epitélio seminífero, vaso sanguíneo e vaso linfático. Foi encontrada diferença entre T1 e T3 em relação aos túbulos seminíferos e ao espaço intertubular.The effects of royal jelly on the morphophysiological parameters of mice (Mus musculus testicles were studied. Fifty-eight male Swiss mice were evaluated. They were four-month old and were randomly distributed in six treatments: T1: physiological solution, intraperitonial route; T2: 0.1mg of royal jelly, intraperitonial route; T3: 0.2mg of royal jelly, intraperitonial route; T4: distilled water, orally; T5: 0.1mg of royal jelly, orally; and T6: 0.2mg of royal jelly, orally. After 45 days of supplementation with royal jelly, the animals were weighted, slaughtered, and the testicles collected, included in paraffin, and stained with haematoxylin-eosin. No differences among treatments were observed for: body and testicular weights, gonadossomatic index, tubular diameter, epithelial height, total

  7. Sensibilidade toxicológica e especificidade do teste de microfixação de complemento na detecção de toxinas botulínicas C e D em meio de cultura e fígado de camundongos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Menegucci Edna A.

    1998-01-01

    Full Text Available No presente estudo pretendeu-se verificar a sensibilidade toxicológica e especificidade do Teste de Microfixação de Complemento (MCF na detecção de toxinas botulínicas C e D no sobrenadante de cultivos bacterianos e em fígados de camundongos inoculados com doses letais e subletais. As toxinas foram produzidas em meio de cultura Hemoline, tituladas através da determinação da DL50 pelo Bioensaio em Camundongo e diluídas nas concentrações de 10, 1, 0,1, 0,01 e 0,001 DL50. Desta forma, foram utilizadas em dois modelos experimentais, onde foi determinada a sensibilidade toxicológica do MCF no sobrenadante do meio de cultura com as diluições descritas acima e ainda em extratos hepáticos de camundongos com peso corporal de 20g, inoculados com as mesmas diluições. A tentativa de evidenciação das toxinas botulínicas nos extratos hepáticos de camundongos foi realizada através da sua extração após a morte pela administração das doses letais e ainda pelo sacrifício dos animais inoculados com doses subletais, em intervalos de 5 dias. Os resultados evidenciaram uma sensibilidade toxicológica para o MCF de 100% para os dois tipos de toxinas ao nível de 0,01 DL50, quando testados os sobrenadantes de meio de cultura, portanto 100 vezes superior ao Bioensaio em Camundongo. A sensibilidade toxicológica do MCF, quando examinados extratos hepáticos de camundongos inoculados com 1 e 10 DL50 de toxinas botulínicas C e D, foi inferior, com valores de 100, 80, 89 e 72%, respectivamente. Pelo teste foi possível detectar toxinas botulínicas tipos C e D nos extratos hepáticos de camundongos inoculados com doses subletais até 15 dias após a sua inoculação. A especificidade do MCF foi de 88 e 92%, quando testados extratos hepáticos de camundongos sadios, e confrontados com as antitoxinas C e D; e 100% no sobrenadante do meio de cultura. Os resultados apontam para uma possível utilização do teste como importante instrumento de

  8. Relação entre a patogenicidade do Schistosoma mansoni em camundongos e a susceptibilidade do molusco vetor: III. Mortalidade, pesos corporal e das vísceras Relationship between the pathogenicity of Schistosoma mansoni in mice and the susceptibility of the vector mollusc: III. Mortality, body weight and viscera weights

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eliana Maria Zanotti-Magalhães

    1995-08-01

    Full Text Available Estudou-se a relação entre o desenvolvimento da hepatomegalia, da esplenomegalia, peso corporal e taxa de mortalidade em camundongos experimentalmente infectados por Schistosoma mansoni com o grau de susceptibilidade de Biomphalaria glahrata e B. tenagophila nas quais se desenvolveram as cercárias infectantes respectivamente, das linhagens BH e SJ. Foram utilizados como hospedeiro definitivo camundongos Swiss, SPF e como hospedeiros intermediários populações de moluscos selecionados geneticamente para o caráter susceptibilidade. Foram observados menores pesos corporais e das visceras em camundongos infectados com cercárias provenientes de moluscos que apresentaram elevado grau de susceptibilidade. A maior susceptibilidade dos moluscos à infecção pelo S. mansoni correspondeu a uma menor sobrevivência dos camundongos infectados. Os resultados fazem crer que a maior adaptação do parasita ao hospedeiro intermediário, traduzidos pelas taxas mais elevadas de susceptibilidade, pode levar a um comportamento diferente deste parasita no hospedeiro definitivo.The relationship between the development of hepatomegaly, splenomegaly, body weight and mortality rate and the degree of susceptibility of Biomphalaria glabrata and B. tenagophila at which infective cercariae developed was studied. The study utilized Swiss mice, SPF, as definitive hosts and populations of snails genetically selected for character susceptibility as intermediate hosts. Low body weight and smaller viscera were observed in infected mice with cercariae originating from snails that showed a high degree of susceptibility. The higher susceptibility of molluscs infected with S. mansoni corresponded to a lower survival of the infected mice. These results lead to the conclusion that the higher degree of adaptation of the parasite to its intermediate hosts, evidenced by the high indexes of susceptibility, leads to different behaviour on the part of this parasite in its definitive

  9. O uso do aspirado de medula óssea de ilíaco em falhas ósseas de fêmures de camundongos: estudo experimental The use of inhaled bone marrow of ileum in bone failures of femurs of rats: experimental study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alberto Tesconi Croci

    2004-03-01

    Full Text Available Os autores estudam a utilização de medula óssea em camundongos como estimulação da formação de calo ósseo. Foram utilizados dez camundongos adultos machos de linhagem isogênica gioto com peso de aproximadamente 250 gramas, e realizadas falhas ósseas na região distal do fêmur com alternância do lado direito e esquerdo, divididos em grupos A e B, sendo como controle camundongos com falha óssea isolado e com falhas ósseas com medula óssea colhida previamente de cada camundongo. Após análise qualitativa e quantitativa foi observado que o uso do aspirado de medula óssea não leva à estimulação da formação do calo ósseo e não há o aumento de processo inflamatório local.The aim of this study is to analyze the bone marrow employment in rats to stimulate the bone callus formation. Ten adult rats were used, male, isogenic, gioto lineage, approximate weight of 250 grams. Bone failures were produced at femur distal portion, alternating the right and left sides, and they were divided in group A and B. The control was held in rats presenting an isolated bone failure or having their bone marrow previously collected After quantitative and qualitative analysis, it was observed that the bone marrow utilization does not lead to the bone callus formation and there isn't an increase in the local inflammation process.

  10. Study of the antineoplastic action of Tabebuia avellanedae in carcinogenesis induced by azoxymethane in mice Estudo da ação antineoplásica da Tabebuia avellanedae (Ipê-Roxo na carcinogênese induzida pelo azoximetano em camundongos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberta Alves Higa

    2011-04-01

    Full Text Available PURPOSE: To study the antitumor action of Tabebuia avellanedae in experimentally induced colon carcinogenesis by azoxymethane in mice. METHODS: Fifty (n=50 mice were divided into five groups: in group I azoxymethane (AOM was administered, in Group II - β-lapachone, in group III - vehicle (diluent and in group IV - vehicle + AOM and finally in group V - β-lapachone + AOM. RESULTS: It was observed the presence of aberrant crypt foci in all animals of groups I and IV, 50% in group II and 90% in group V. CONCLUSION: The β-lapachone extracted from the Tabebuia avellanedae showed no protective effect of lesions induced by azoxymethane in colon of mice.OBJETIVO: Estudar a ação antitumoral da Tabebuia avellanedae (Ipê-Roxo na carcinogênese colônica induzida experimentalmente pelo azoximetano em camundongos. MÉTODOS: Foram utilizados 50 camundongos divididos em 5 grupos: grupo I administrado Azoximetano (AOM; grupo II - β-lapachona; grupo III - veículo (diluente; grupo IV - veículo + AOM; e grupo V - β-lapachona + AOM. RESULTADOS: Observou-se presença de focos de criptas aberrantes em todos os animais dos grupos I e IV, 50% no grupo II e 90% no grupo V. CONCLUSÃO: A β-lapachona extraída da Tabebuia avellanedae não apresentou efeito protetor das lesões induzidas pelo azoximetano em cólon de camundongos.

  11. Association of mesenchymal stem cells with platelet rich plasma on the repair of critical calvarial defects in mice Associação de células-tronco mesenquimais com plasma rico em plaquetas na reparação de defeitos críticos em calvária de camundongos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Betânia Souza Monteiro

    2012-03-01

    Full Text Available PURPOSE: To evaluate the effects of mesenchymal stem cells (MSC from eight mice C57BL/6 gfp+ bone marrows expanded in cultures associated with platelets rich plasma (PRP deriving from another eight mice, in the repair of critical defects in calvarial bone produced in twenty-four adult isogenic mice C57BL/6. METHODS: The animals were submitted to a cranial defect of 6.0mm in diameter and divided into two equal experimental groups. Control group did not receive treatment and the treated group received a MSC pellet containing 1.0 x 10(7 cells/mL associated with 50.0µL of plasma gel containing 1.0 x 10(9 autologous platelets within the defect. RESULTS: In the treated group was observed process of angiogenesis and bone repair better than control group. CONCLUSION: Mesenchymal stem cells derived from bone marrow of C57BL/6 gfp+ mice associated with PRP gel applied in bone critical defects produced in calvarial contributes positively to the process of bone repair.OBJETIVO: Avaliar os efeitos da associação das células-tronco mesenquimais (MSC oriundas da medula óssea de oito camundongos jovens C57BL/6 gfp+ e expandidas em culturas, com Plasma Rico em Plaquetas (PRP provenientes de outros oito camundongos, na reparação de defeitos críticos confeccionados em calvária de 24 camundongos adultos C57BL/6. MÉTODOS: Os animais foram submetidos a um defeito craniano de 6,0mm de diâmetro e separados em dois grupos experimentais iguais. O grupo controle não recebeu tratamento e no grupo tratado foi administrado, no interior do defeito, pellet de MSC contendo 1,0 x 10(7 células/mL associado com 50,0µL de plasma em gel autólogo contendo 1,0 x 10(9 plaquetas. RESULTADOS: No grupo tratado verificou-se processo de angiogênese e reparação óssea superior ao grupo controle. CONCLUSÃO: A associação das células-tronco mesenquimais (MSC derivadas da medula óssea de camundongos C57BL/6 gfp+ com gel de PRP aplicadas em defeitos ósseos cr

  12. An immunofluorescence test for diagnosis of ophthalmic herpes in a mouse corneal model Imunofluorescência para diagnóstico de herpes oftálmico usando como modelo córneas de camundongos infectados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sílvia Regina Ferreira Gonçalves Pereira

    2007-04-01

    Full Text Available Herpes simplex virus type 1 (HSV-1 ophthalmic disease is the most common cause of corneal blindness in humans world-wide. Current culture techniques for HSV take several days and commercially available HSV laboratory based diagnostic techniques vary in sensitivity. Our study was conducted to evaluate the use of a quicker and simpler method to herpes ophthalmic diagnosis. Corneal smears were made by firm imprints of infected mouse eyes to glass slides, after smears were fixated with cold acetone, and an indirect immunofluorescence (IIF method was performed using monoclonal antibodies in a murine model of ophthalmic herpes. Eye swabs from infected mice were inoculated in Vero cells for virus isolation. Cytology and histology of the eye were also performed, using hematoxylin-eosin routine. Mouse eyes were examined by slit-lamp biomicroscopy for evidence of herpetic disease at various times postinoculation. We made a comparative evaluation of sensitivity, specificity and speed of methods for laboratory detection of HSV. Our results indicate that this IIF method is quick, sensitive, specific and can be useful in the diagnosis of ophthalmic herpes as demonstrated in an animal model.A doença oftálmica do vírus herpes simplex do tipo 1 (HSV-1 é a causa mais comum de cegueira córnea em humanos mundialmente. Técnicas de cultura atuais para HSV levam vários dias e laboratórios de HSV comercialmente disponíveis estabelecem que as técnicas diagnósticas variam em sensibilidade. Nosso estudo foi conduzido para avaliar a aplicação prática de um método mais rápido e simples para diagnosticar o herpes oftálmico. Decalques córneos foram feitos por impressões firmes de olhos de camundongos a lâminas de vidro, depois os decalques foram fixados com acetona fria, e um método de imunofluorescência indireta (IIF foi executado empregando anticorpos monoclonais no modelo murino de herpes oftálmico. Swabs de córnea foram inoculados em células Vero

  13. Translocation of Klebsiella sp. in mice fed an enteral diet containing prebiotics Translocação de Klebsiella sp. em camundongos alimentados com dieta enteral contendo prebióticos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniele Ferreira da Silva

    2009-04-01

    Full Text Available OBJECTIVE: This work aimed to evaluate the effect of fructooligosaccharide and inulin added to an enteral diet on the translocation of Klebsiella sp. in mice. METHODS: Four- to six-week-old Swiss albino mice were divided into nine groups and fed enteral diets containing different combinations of fructooligosaccharide, inulin, antibiotic and corticoid, inoculated or not with Klebsiella pneumoniae. On day 5, the animals of four groups were fed an enteral diet contaminated with approximately 10(10CFU/g of K. pneumoniae. At defined times, two animals of each group were sacrificed and their organs (spleen, heart, liver, lungs, and kidneys were aseptically collected, weighed, and analyzed for the presence of typical Klebsiella sp. colonies. RESULTS: A higher number of CFU/g of Klebsiella was detected in the organs of the animals in the immune-suppressed group fed the diet contaminated with K. pneumoniae and without prebiotics. Animals fed the diet enriched with fructooligosaccharide and inulin, at a concentration of 15.3mg/g of body weight, had a shorter period of Klebsiella sp. translocation, compared with those not fed prebiotics in the diet. CONCLUSION: The addition of fructooligosacharide and inulin in enterais diets at a concentration of 15.3mg/g of body weight resulted in the reduction of translocation of Klebsiella for spleen, heart, liver, lung and kidneys of mice that had received the diet contaminated associated or not with antibiotic and imunodepressor drug.OBJETIVO: Avaliar o efeito da administração de frutooligossacarídeo e inulina, adicionados à dieta enteral, na translocação de Klebsiella sp. em camundongos. MÉTODOS: Camundongos albinos suíços, com quatro a seis semanas de vida, foram divididos em nove grupos e tratados com dietas enterais contendo diferentes combinações de frutooligossacarídeos, inulina, antibiótico e corticóide, inoculadas ou não com Klebsiella pneumoniae. No quinto dia de experimento, os animais dos

  14. Jorge Lobo’s disease: experimental inoculation in Swiss mice Doença de Jorge Lobo. Inoculação experimental em camundongos suiços

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diltor Vladimir Araújo OPROMOLLA

    1999-11-01

    Full Text Available Sixty-four isogenic Swiss mice were intradermically inoculated in both hind foot pads. The inocula, consisting of fungal suspensions from biopsies obtained from Jorge Lobo’s Disease patients, had the total number of fungi and the viability index determined using a Neubauer chamber and the fluorescein diacetate-ethidium bromide technique (FD-EB, respectively. The animals were sacrificed at times ranging from ten days to eighteen months after inoculation. The cellular infiltrate, mainly consisting of macrophages containing fungi, increased progressively up to end of the study; however, no macroscopic alterations were observed in the inoculated feet. After nine months, small numbers of Langhans’ giant cells started to appear in the infiltrate. A considerable number of fungi was observed at the end of the experimental period, but only a few were viable when stained by the FD-EB technique. This fact suggests that there is a multiplication of fungal cells, which are destroyed by the macrophages but remain in the tissue for a long time due perhaps to the difficulties in their elimination. These findings led us to conclude that in spite of the maintenance of the infection in these animals, Swiss mice cannot be considered an ideal model to study Jorge Lobo’s Disease. However, the authors call attention to the possibility of other mouse strains being more susceptible to Paracoccidioides loboi.Foram inoculados por via intradérmica, os coxins plantares traseiros de 64 camundongos Suíços, isogênicos. Os inóculos constituídos de uma suspensão fúngica, obtidos de biópsias de pacientes portadores de Doença de Jorge Lobo, foram submetidos a contagem do número total de fungos em câmara de Neubauer e a determinação da viabilidade segundo técnica do diacetato de fluoresceína-brometo de etídeo (DF-BE. Os animais foram sacrificados em períodos de tempo que variaram de 10 dias a 18 meses pós-inoculação. Um infiltrado celular constitu

  15. The effects of treatment with melatonin on the ultrastructure of mouse leydig cells: a quantitative study Efeito do tratamento com melatonina sobre a ultra-estrutura das células de Leydig do camundongo: estudo quantitativo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C. A. REDINS

    2002-08-01

    Full Text Available Both the presence of receptors for gonadal steroids in the pineal gland and in vitro observations of direct action of melatonin upon Leydig cells, inhibiting testosterone secretion, indicate a direct connection between pineal gland and gonadal function. In the present study, we used a transmission electron microscope to analyze the morphologic parameters of Leydig cells from adult Swiss outbred white mice treated with daily subcutaneous injections of 100 µg of melatonin (N-acetyl, 5-methoxytryptamine, during 22 consecutive days, compared with sham-control animals which had only received the melatonin vehicle. The melatonin group of mice showed a decrease in nuclear volume and fractional nuclear volume; smooth and rough endoplasmic reticulum; mitochondria; and Golgi complex. Our data also showed an increase in cytoplasmic volume, fractional cytoplasmic volume, and lysosomes in these same animals. The results suggest that melatonin, directly or indirectly, alters the ultrastructure of mouse Leydig cells and possibly influences their secretory activity by inhibiting their capacity to secrete steroids.No presente trabalho, utilizamos a microscopia eletrônica de transmissão para analisar os parâmetros morfológicos das células de Leydig de camundongos adultos, suíços outbred, tratados com uma injeção subcutânea diária de 100 µg de melatonina (5-metoxi-N-acetil-triptamina, durante 22 dias consecutivos, comparando-os com animais sham-controle que receberam apenas o veículo da melatonina. Os animais tratados com melatonina mostraram diminuição do volume nuclear, da fração volumétrica do núcleo, do retículo endoplasmático liso e rugoso, das mitocôndrias e do complexo de Golgi. Nos mesmos animais ocorreu, também, aumento do volume do citoplasma e da fração volumétrica do citoplasma e dos lisossomos. Esses resultados sugerem que a melatonina pode alterar, direta ou indiretamente, a ultra-estrutura das células de Leydig do

  16. Avaliação da infecção experimental por Toxoplasma gondii (Nicolle e Manceuax, 1909 em suínos pelas provas de bioensaio em camundongos e reação em cadeia pela polimerase

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lucia Eiko Oishi Yai

    2003-01-01

    Full Text Available O objetivo desse trabalho foi o de padronizar uma técnica de reação em cadeia pela polimerase, nested PCR, para detectar Toxoplasma gondii em tecidos de suínos infectados experimentalmente e comparar os resultados obtidos com a técnica padrão de isolamento, o bioensaio em camundongos Para testar a técnica padronizada, foram inoculados, oralmente, oito suínos com quatro meses de idade, com 5x10(4 oocistos de Toxoplasma gondii (cepa AS-28 e três suínos com a mesma idade, não infectados, foram mantidos como controles. Todos os animais foram sacrificados 47 dias após a infecção e colheu-se amostras de cérebro, coração, língua e retina de cada animal para as provas de bioensaio e PCR. Pela prova de bioensaio foi isolado o parasita quatro dos animais inoculados, sendo dois na retina, um no coração e um na língua. O DNA de Toxoplasma gondii foi detectado em cinco dos suínos inoculados, sendo: em três dos animais na língua, em dois no cérebro e no coração e na retina de um dos animais. O limiar de detecção da nPCR foi de 10 taquizoítas/mL de suspensão de cérebro de camundongos artificialmente contaminada. Nenhuma das técnicas detectou o agente em todos os animais inoculados, entretanto a nPCR, apresentou maior capacidade de detecção e menor tempo para a obtenção do diagnóstico. A utilização das técnicas em associação foi capaz de detectar o agente em sete dos animais inoculados. A única forma de melhorar a sensibilidade do método seria aumentando a quantidade de tecido a ser examinado.

  17. Surto de varíola murina em camundongos suíços em biotério: Relato de caso An outbreak of mousepox in swiss mice in a laboratory animal facility: Case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    S. Diniz

    2001-04-01

    Full Text Available Duzentos camundongos suíços foram alojados em um biotério com instalações e condições de manejo adequadas para uma criação de animais convencionais sadios. Após 14 dias de alojamento, dois animais tiveram morte súbita, e em 74 animais (37% foram observados sintomas clínicos como edema da face e das patas. Uma semana após foram observadas lesões generalizadas na pele ou somente no dorso, na face, no focinho e nas patas, nódulos na cauda, e em cinco animais conjuntivite. A necropsia de 10 camundongos indicou alterações como hepatomegalia, esplenomegalia e hiperplasia dos gânglios. Amostras do fígado, baço e de lesões da cauda foram inoculadas em membrana corioalantóide (MCA de ovos embrionados de galinha. Após 72 horas foram detectadas lesões necróticas típicas denominadas "pocks". As MCAs foram maceradas e inoculadas em culturas de células Vero e detectado efeito citopático após 72 horas. O diagnóstico da varíola murina foi baseado nos sinais clínicos, lesões, cultivo e na identificação do vírus.Two hundred Swiss mice were housed following the requirements to produce healthy laboratory animals. After 14 days two mice had an acute lethal infection and one week later 74 animals (37% presented multiple skin lesions some of them associated with conjunctivitis. Necropsy of 10 mice with clinical signs (swelling of feet and facial area revealed alterations in the spleen, liver and lymphonodes. Samples of hepatic and splenic tissues and of tail lesions were inoculated on chorioallantoic membrane (MCA of embrionated chicken eggs and pocks lesions were detected. The MCAs were grinded and inoculated in Vero cell cultures and the cytophatic effect was detected after 72 hours. Diagnosis of mousepox was based on clinical signs, lesions and virus isolation and identification.

  18. O desmame precoce afeta o ganho de peso e a composição corporal em camundongos adultos? Does early weaning influence weight gain and body composition in adult mice?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Macedo Rogero

    2010-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o efeito do desmame precoce sobre o ganho de peso e a composição corporal de camundongos adultos jovens. MÉTODOS: Camundongos Swiss Webster, machos, foram desmamados precocemente (14º dia de vida ou amamentados até o 21º dia de vida (grupo controle. Após o desmame, os animais foram alimentados com ração elaborada para roedores em crescimento até o 63º dia de vida, quando então foram sacrificados. RESULTADOS: O peso corporal dos animais do grupo desmamado de forma precoce foi significantemente maior no 28º, 35º e no 63º dias de vida em relação ao grupo controle (pOBJECTIVE: The objective of this study was to assess the effect of early weaning on weight gain and body composition of young adult mice. METHODS: Swiss Webster male mice were weaned early, on the 14th day of life, or breastfed until the 21st day of life (control group. After weaning, the animals were fed a chow specifically made for growing rodents up to the 63rd day of life, when they were sacrificed. RESULTS: The body weight of the animals from the early-weaned group was significantly greater on the 28th, 35th, 63rd days of life compared to those from the control group (p<0.05. Nevertheless, no significant difference in the food intake between the groups was observed. The concentration of serum total proteins, albumin and iron, as well as the concentration of protein, DNA and the protein/RNA ratio in the liver, muscle and brain, did not differ between the groups..The early-weaned group showed an increased absolute quantity of lean mass, lipids, protein and ash compared with the control group (p<0.05. The relative quantity of water, lipids, lean mass, protein and ash did not differ between the groups. CONCLUSION: Early weaning, associated with the consumption of a chow specifically made for growing rodents, led to an increase in weight gain, but did not influence body composition in adult mice.

  19. A novel model of distal colon cancer in athymic mice Novo modelo de câncer de cólon distal em camundongos atímicos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Denise Gonçalves Priolli

    2012-06-01

    Full Text Available PURPOSE: The present a novel adenocarcinoma model in athymic mice. METHODS: Seven athymic mice were used. Colon diversion and distal fistula were made. Adenocarcinoma cells were inoculated in the submucosa of fistula. Tumor growth was monitored daily. Scintigraphy with 99mTc-MIBI was performed to identify the tumor. RESULTS: The model of distal colon cancer is feasible. Tumor detection was possible by both, macroscopically and molecular imaging. All resections demonstrated poorly differentiated tumors. Colon obstruction occurred in one case, similarly to evolution in human tumors of distal colon. CONCLUSION: The proposed model of distal colon cancer is feasible, allows for easy monitoring of tumoral growth by both, macroscopically and molecular imaging, and is suitable for studying the evolution of tumor with implementation of cytotoxic therapy in vivo.OBJETIVO: Apresentar novo modelo de adenocarcinoma distal em camundongos atímicos. MÉTODOS: Foram utilizados sete camundongos atímicos. Desvio do cólon distal e fístula foram feitas. Células de adenocarcinoma foram inoculadas na submucosa da fístula. O crescimento do tumor foi monitorado diariamente. Cintilografia com 99mTc-MIBI foi realizada para identificar o tumor. RESULTADOS: O modelo de câncer de cólon distal é viável. Detecção do tumor foi possível macroscopicamente e por imagem molecular. Todas as ressecções demonstraram tumores pouco diferenciados. Obstrução do cólon ocorreu em um caso, de forma semelhante à evolução em tumores humanos do cólon distal. CONCLUSÃO: O modelo de câncer do cólon distal proposto é viável, permite a monitorização fácil do crescimento tumoral macroscopicamente e por imagem molecular, sendo adequado para o estudo da evolução de tumor com aplicação de terapia citotóxica in vivo.

  20. Efeito do laser terapêutico de baixa potência no gânglio da raiz dorsal L5 de camundongos submetidos ao esmagamento do nervo ciático

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Inoe Tomazini

    2011-02-01

    Full Text Available Avaliou-se o efeito o efeito da terapia laser de baixa potência (TLBP na regeneração de neurônios periféricos de animais adultos. O nervo ciático direito de doze camundongos machos adultos foi esmagado com pinça hemostática durante 30 segundos. Os animais foram divididos aleatória e equitativamente em quatro grupos: HeNe, AsGa, NR e NOR. O grupo HeNe recebeu irradiação laser HeNe (3J/cm². Os animais do grupo AsGa receberam radiação laser AsGa (30 mJ e os animais remanescentes (NR não foram radiados. A radiação transcutânea sobre o gânglio da raiz dorsal L5 foi realizada uma vez ao dia, por 21 dias. Outros quatro animais não foram operados e serviram como controle de normalidade (NOR. Decorridos 21 dias, fragmentos do nervo ciático foram coletados para avaliação morfológica e contagem do número de axônios. O gânglio da raiz dorsal L5 foi removido para a avaliação morfológica e contagem dos neurônios sensitivos sobreviventes à lesão. Os grupos que sofreram esmagamento do nervo sofreram redução no número de axônios quando comparados ao grupo não operado (NOR. O gânglio da raiz dorsal L5 também foi removido e seccionado em série para a contagem e mensuração dos neurônios sensitivos. Não se observou diferença entre os grupos quando considerada a área do pericário e o número de neurônios. Os resultados indicam que a TLBP não estimulou a regeneração de nervos em camundongos. A TLBP não teve ação neuroprotetora sobre os neurônios após a lesão dos seus axônios.

  1. Induced immune response of Escherichia coli BL21 expressing recombinant MSP1a and MSP1b proteins of Anaplasma marginale

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Katia Tamekuni

    2009-11-01

    Full Text Available This work aims to evaluate the potential of immunization with E. coli BL21 expressing the recombinant rMSP1a and rMSP1b proteins of Anaplasma marginale. E. coli BL21 was transformed with recombinant plasmids pET102/msp1α and pET101/msp1β, and rMSP1a and rMSP1b were expressed after induction by IPTG. BALB/c mice were vaccinated with formolized BL21/rMSP1a and BL21/rMSP1b, and the production in mice sera of whole IgG was determined by ELISA. The mice immunized with BL21/rMSP1a showed a better humoral response for whole IgG when compared to the mice immunized with BL21/rMSP1b; these mice exhibited a small response after the second vaccination. Sera of mice immunized with BL21/rMSP1a reacted via western blot with BL21 and rMSP1a, with molecular masses varying from 70 to 105 kDa. Sera of mice immunized with BL21/rMSP1b reacted with BL21 and rMSP1b with a molecular mass of 100 kDa. These results demonstrate that BL21 containing rMSP1a and rMSP1b in the outer membrane were able to produce an immune response in mice, reinforcing its use in vaccine models against bovine anaplasmosis.Esse trabalho avaliou o potencial de imunização de Escherichia coli BL21 expressando as proteínas recombinantes rMSP1a e rMSP1b de Anaplasma marginale. A E. coli BL21 foi transformada com os plasmídios recombinantes pET102/msp1α e pET101/msp1β e as proteínas rMSP1a e rMSP1b foram expressas após indução com IPTG. Camundongos BALB/c foram vacinados com BL21/rMSP1a e BL21/rMSP1b formolisadas, e a produção de IgG total foi determinada pelo teste de ELISA nos soros dos camundongos imunizados. Os camundongos imunizados com a BL21/rMSP1a mostraram uma melhor resposta humoral para IgG total, comparada à resposta apresentada pelos camundongos imunizados com BL21/rMSP1b; estes camundongos exibiram uma menor resposta após a segunda vacinação. Soros de camundongos imunizados BL21/rMSP1a reagiram pelo western blot com BL21 e rMSP1a, com massa molecular variando de 70 a

  2. Ensaio de potência da alfaepoetina: Comparação de camundongos Swiss Webster, NIH, C57BL/6, BALB/c com o híbrido B6D2F1 /Potency assay of epoetin alpha: Comparison of Swiss Webster, NIH, C57BL/6, BALB/c mice with the hybrid B6D2F1

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Igor Barbosa da Silva

    2013-08-01

    Full Text Available Neste estudo comparamos os resultados de ensaios de potência da alfaepoetina (EPOhr realizados com camundongos de diferentes colônias e linhagens (Swiss Webster, NIH, C57BL/6 e BALB/c com aqueles de ensaios conduzidos com o híbrido B6D2F1, o úni-co camundongo recomendado pela Farmacopeia Europeia (FE. Fêmeas de diferentes colônias e linhagens, pesando 16-18 gramas, receberam uma única dose de EPOhr por via subcutânea (30, 90 ou 270 UI/animal, 0,2 mL/camundongo. As potências biológi-cas de apresentações de 4.000 UI/mL da EPOhr foram avaliadas utilizando um material de referência de trabalho de alfaepoetina (3.773 UI/mL anteriormente testado junto ao padrão de referência internacional BRP (European Pharmacopeia Biological Refe-rence Preparation. Os resultados indicaram que camundongos das colônias e linhagens examinadas atingiram critérios estatísticos (FE para um ensaio válido de potência da eritropoietina e, portanto, podem ser considerados como alternativas ao uso do híbrido B6D2F1. Os ensaios com camundongos BALB/c, entretanto, foram os que produziram re-sultados mais semelhantes aos obtidos com os híbridos B6D2F1, em relação à contagem média de reticulócitos em resposta a 30, 90 e 270 UI/camundongo, e aos coefi cientes angulares (inclinação e lineares (intersecção da curva dose-resposta (curvas paralelas praticamente superpostas. --------------------------------------------------------------------------- In this study we compared the outcomes of epoetin alpha (rhEPO potency assays per-formed with Swiss Webster, NIH, C57BL/6 and BALB/c mice with those of the assay conducted with the B6D2F1 hybrid, the only mice recommended by the European Phar-macopoeia (EP. Female mice from different breeding stocks and strains, weighing 16-18 g, received a single subcutaneous injection of (30, 90 or 270 IU per mouse, 0.2 mL per mouse of rhEPO. Biological potencies 4000 IU/mL rhEPO pharmaceutical forms from di-fferent batches

  3. Efeito do concentrado de plasma em falhas ósseas provocadas em fêmures de camundongos como estimulação de formação óssea: estudo experimental Effect of plasma concentrate on bone defects induced in mice fêmurs via stimulation of bone formation: an experimental study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alberto Tesconi Croci

    2003-12-01

    Full Text Available Os autores estudam experimentalmente o efeito do concentrado de plasma na estimulação óssea em camundongos. Foram utilizados dez camundongos isogênicos de linhagem gioto, onde após a coleta do sangue periférico de um camundongo, foi centrifugado este sangue e obtido um concentrado de plasma; foi utilizado o concentrado de plasma em falhas ósseas na região distal do fêmur, alternando-se os lados direito e esquerdo, sendo um lado com falha óssea isolada e o outro com falha óssea mais o concentrado de plasma e analisados quantitativamente e qualitativamente. Observou-se que o plasma não leva à estimulação da formação do calo ósseo, não ocorrendo aumento do processo inflamatório, e havendo apenas uma tendência a formar mais matriz óssea com o seu uso.In this trial the authors investigated the effect of plasma concentrate on bone callus formation in mice. Ten mice of the Gioto isogenic mouse strain were used; samples of peripheral blood of each mouse were collected and centrifuged, giving a plasma concentrate that was used to investigate bone defects at the distal region of the femur; the right and left sides were used alternately, and one side showed a single bone defect; the plasma concentrate was analyzed both qualitatively and quantitatively. It was noticed that the plasma concentrate did not lead to any stimulation of bone callus formation and no inflammatory effect increase has occurred; also, its use showed only a tendency to increase bone matrix formation.

  4. Caracterização da propriedade antiinflamatória dos componentes do extrato aquoso das folhas de 'Eugenia uniflora'obre a expressão do diabetes, no modelo experimental de diabetes espontâneo tipo 1 (camundongos NOD)

    OpenAIRE

    Nayara Simon Gonzalez Schumacher

    2015-01-01

    Resumo: A linhagem de camundongos NOD (non obese diabetic) é utilizada como modelo experimental de Diabetes mellitus tipo 1 (DM-1), por desenvolver espontaneamente a doença similar ao observado em humanos. São inúmeros os mecanismos propostos para ruptura da tolerância imunológica no DM-1, como a predisposição genética do indivíduo somadas as interferências ambientais como o estresse e a alimentação, parecem contribuir para a ação dos mecanismos auto imunes. As pesquisas por novas substâncias...

  5. Hidróxido de cálcio associado à clorexidina - estudo em cultura de células (RAW 264.7 e cultura primária de células da linhagem osteoblástica) e em tecido subcutâneo de camundongos. Avaliação da atividade antimicrobiana

    OpenAIRE

    Raquel Assed Bezerra da Silva

    2007-01-01

    O objetivo do presente estudo foi avaliar a pasta à base de hidróxido de cálcio (Calen®), associada ou não ao digluconato de clorexidina a 0,4%, em cultura de macrófagos da linhagem RAW 264.7, cultura primária de células da linhagem osteoblástica e em tecido subcutâneo de camundongos. Além disso, foi avaliada a atividade antimicrobiana desses materiais. Em cultura de macrófagos RAW 264.7 foram avaliados os seguintes aspectos: a viabilidade celular (Ensaio de MTT), propriedades imunoestimulado...

  6. Caracterização celular e molecular da influência do astrócito na degeneração do neurônio motor no modelo in vitro da esclerose lateral amiotrófica utilizando camundongos trangênicos para SOD1 humana mutante

    OpenAIRE

    Juliana Milani Scorisa

    2013-01-01

    A Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA) é uma doença neurodegenerativa de caráter progressivo caracterizada pela morte seletiva de neurônios motores que leva rapidamente os pacientes à morte. O camundongo transgênico que expressa a superóxido dismutase 1 humana mutante é o modelo experimental mais aceito para o estudo da doença. Os mecanismos que levam a perda neuronal ainda são pouco conhecidos e não existe tratamento eficaz para prolongar a vida do indivíduo. Estudos recentes indicam que as c...

  7. A resposta oxidativa em corações de camundongos é modulada por background genético The oxidative response of mouse hearts is modulated by genetic background

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marco Aurélio Santos-Silva

    2013-02-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: o tabagismo apresenta importante papel sobre as doenças cardiovasculares, entretanto permanecem pouco compreendidos os motivos pelos quais alguns seres humanos as desenvolvem e outros não. OBJETIVO: nosso objetivo foi analisar o perfil redox do coração de diferentes linhagens de camundongos após exposição à fumaça de cigarro. MÉTODOS: camundongos machos suíços (n = 10, C3H (n = 10, BALB/c (n = 10 e C57BL/6 (n = 10 foram expostos à fumaça de cigarro (12 cigarros/dia, enquanto os respectivos controles (n = 10 ao ar ambiente por 60 dias. Após sacrifício, o coração foi retirado para análises bioquímicas. RESULTADOS: embora o conteúdo de malondialdeído não tenha aumentado em nenhum grupo, a atividade da catalase diminuiu no grupo suíço (p BACKGROUND: Smoking plays an important role in cardiovascular diseases. However, the reasons why some individuals develop those diseases and others do not remain to be explained. OBJECTIVE: This study aimed at assessing the redox profile of the heart of different mouse strains after exposure to cigarette smoke. METHODS: Male mice of the Swiss (n = 10, C3H (n = 10, BALB/c (n = 10 and C57BL/6 (n = 10 strains were exposed to cigarette smoke (12 cigarettes/day, while their respective controls (n = 10 were exposed to ambient air for 60 days. After being euthanized, their heart was removed for biochemical analyses. RESULTS: Although the malondialdehyde content did not increase in any of the groups, catalase activity decreased in the Swiss (p < 0.05 and BALB/c (p < 0.05 strain mice as compared with their respective control groups, while myeloperoxidase decreased in the C3H (p < 0.05 and C57BL/6 (p < 0.001 strain mice as compared with their respective control groups. The reduced glutathione content decreased in the Swiss, C3H, C57BL/6 (p < 0.05 and BALB/c (p < 0,001 strain mice as compared with their respective control groups. Regarding reduced glutathione content, an increase was

  8. Grape extract and α-Tocopherol effect in cardiovascular disease model of Apo E -/- Mice Efeito do extrato de uva e α-Tocoferol em camundongos Apo E -/-, modelo de doença cardiovascular

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria do Carmo Gouveia Peluzio

    2011-08-01

    Full Text Available PURPOSE: To verify the effect of consumption of grape extract isolated or combined with α-tocopherol supplementation on atherosclerosis model with Apo E -/- mice. METHODS: After six weeks of atherogenic diet, Apo E -/- mice were divided into the following groups: Control, Grape, Tocopherol and Grape plus Tocopherol. The treatment progressed for 11 weeks when animals were submitted to euthanasia. RESULTS: All the treatments presented hypocholesterolemic effect with reduction of serum and liver cholesterol levels. This effect was parallel to an increase in the fecal excretion of cholesterol. There was also a higher fecal excretion of saturated fatty acids in groups receiving grape extract or α-tocopherol. All the groups treated presented a tendency to show higher levels of vitamin E. The fatty acid profile showed a tendency for monounsaturated fatty acid preservation after grape extract and α-tocopherol consumption. Morphological analysis revealed a lower degree of evolution of the atherosclerotic plaque of the animals that were fed α-tocopherol combined with grape extract, even when no difference was found in the size of the largest lesion. CONCLUSION: A synergistic effect between the polyphenols and α-tocopherol was observed, resulting in diminished evolution of atherosclerosis and a greater beneficial effect on atherosclerosis than the isolated consumption of antioxidants.OBJETIVO: Verificar o efeito do consumo de extrato de uva isolada ou combinada com a suplementação de α-tocoferol em modelo de aterosclerose, utilizando camundongos Apo E -/-. MÉTODOS: Os camundongos Apo E -/- foram tratados com dieta aterogênica por seis semanas e foram divididos em quatro grupos: Controle, Uva, Tocoferol e Uva e Tocoferol. Após 11 semanas de tratamento os animais foram submetidos à eutanasia. RESULTADOS: Todos os tratamentos apresentaram efeito hipocolesterolêmico, com redução de colesterol plasmático e hepático. Este efeito foi acompanhado

  9. Sacarose como veículo de suplementação dietética de ácido fólico em camundongos prenhes Saccharose as a vehicle for the supplementation of folic acid in pregnant mice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giovanna Arcaro de Lima

    2009-02-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A ingestão adequada de folato é essencial durante a embriogênese, e sua deficiência está associada à ocorrência de defeitos no fechamento do tubo neural. OBJETIVO: Determinar se a sacarose é um bom veículo para a suplementação de folato em camundongos. MATERIAL E MÉTODOS: Quarenta camundongos Swiss fêmeas foram divididos nos grupos: C: ração comercial + água ad libitum; DS: ração balanceada isenta de folato + folato adicionado à sacarose diluída na água por 14 dias; D/DS: ração balanceada isenta de folato + água com sacarose sem folato por 14 dias seguida de ração balanceada isenta de folato + folato adicionado à sacarose diluída na água por mais 14 dias; D: ração balanceada isenta de folato + água com sacarose sem folato por 14 dias. Os animais de todos os grupos experimentais receberam ração balanceada isenta de folato + folato adicionado à sacarose diluída na água durante os três dias do acasalamento e nos 15 dias restantes até o sacrifício. RESULTADOS: Os animais dos grupos D e D/DS apresentaram alopecia, palidez ocular e adinamia enquanto consumiam água com sacarose sem folato, sinais que foram revertidos quando receberam folato adicionado à sacarose diluída na água. Não houve diferença entre os grupos em relação a prenhez, implantes, fetos vivos, reabsorção, morte fetal tardia, nível sérico de folato e contagem de hemácias ao final do experimento, não tendo sido observadas anomalias congênitas em nenhum dos grupos. CONCLUSÃO: A sacarose é um meio adequado para a suplementação de folato na dieta.Adequate folate intake is essential during embryogenesis and its deficiency is associated with neural tube defects. OBJECTIVE: To investigate if saccharose is a good vehicle for the supplementation of folate in mice. MATERIAL AND METHODS: 40 Swiss female mice were allocated into the following groups: C (commercial mouse food + ad libitum water; DS (folate-free balanced diet

  10. Efeito da goma guar parcialmente hidrolisada no metabolismo de lipídeos e na aterogênese de camundongos Effect of partially hydrolyzed guar gum on lipid metabolism and atherogenesis of mice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Rodrigues Fernandes

    2006-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Observar os efeitos da goma guar parcialmente hidrolisada no metabolismo de colesterol e na formação de placa aterosclerótica em aorta de camundongos deficientes no receptor LDL, euglicêmicos ou com hiperglicemia induzida por estreptozotocina. MÉTODOS: Trinta e seis camundongos deficientes para o receptor de LDL foram divididos em quatro grupos de nove animais: grupos euglicêmicos, alimentados com dieta aterogênica padrão (controle euglicêmico ou suplementada com 7,5% de goma guar parcialmente hidrolisada (goma guar parcialmente hidrolisada euglicêmico e grupos hiperglicêmicos alimentados com dieta aterogênica padrão (controle hiperglicêmico ou suplementada com 7,5% de goma guar parcialmente hidrolisada (goma guar parcialmente hidrolisada hiperglicêmico. Após quatro semanas de experimento foram medidos: ingestão alimentar, ganho de peso, glicemia, colesterol plasmático e hepático, assim como lesão aterosclerótica na aorta torácica e abdominal. RESULTADOS: Os resultados mostram que a suplementação de goma guar parcialmente hidrolisada levou ao aumento do colesterol hepático e plasmático em animais euglicêmicos, mas sem aumento na área de lesão aterosclerótica na aorta. Em animais hiperglicêmicos, a redução no colesterol plasmático não foi estatisticamente significante, mas no que se refere à lesão da aorta, observou-se redução significante. CONCLUSÃO: Os resultados sugerem que a goma guar parcialmente hidrolisada pode reduzir a aterosclerose associada ao Diabetes Mellitus tipo 1.OBJECTIVE: The objective of this study was to observe the effects of partially hydrolyzed guar gum on cholesterol metabolism and atherosclerosis in the aorta of euglycemic and streptozotocin-induced hyperglycemic LDL receptor deficient mice. METHODS: Thirty six LDL receptor deficient mice were divided into 4 groups of 9 animals: euglycemic groups fed on hypercholesterolemic diet without or supplemented with 7.5% of

  11. Effect of alloxan-induced diabetes mellitus and ethanol on pregnancy outcome in mice Efeito do diabetes mellitus induzido por aloxana e etanol na gestação de camundongos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Cesar Peres

    2009-12-01

    Full Text Available INTRODUCTION AND OBJECTIVES: To investigate the effects of ethanol, diabetes mellitus and the combination of both on mouse fetuses. METHODS: We used 24 female Swiss mice, dividing them into four groups of 6 each: control (C, ethanol (E, diabetes (D (blood glucose > 200 mg/dL and diabetes + ethanol (DE. Diabetes was induced by alloxan (40 mg/kg on day 7 of pregnancy. Groups E and DE received 4 g/kg of 25% v/v ethanol intraperitoneally, whereas groups C and D received saline. On day 18, all fetuses were harvested. RESULTS: In group DE the following anomalies were found: exencephaly, situs inversus totalis, situs inversus partialis, eyelid skin tag and one animal from group E had pulmonary artery hypoplasia. Ethanol administration partially reverted diabetes-fetal resorption caused by diabetes, yet it induced late fetal death. Both diabetes and ethanol reduced placental diameter and increased its weight. Ethanol had more effect on fetal length in males than in females, however, such bias was not found for diabetes. Ethanol prevented diabetes-induced tail shortening in both genders. CONCLUSIONS: These results show that, although ethanol might improve energy metabolism in early gestation, it causes cell damage that leads to cardiovascular, limb and neural tube defects, late fetal death and reduced placental size.INTRODUÇÃO E OBJETIVOS: Investigar o efeito do etanol, do diabetes mellitus (DM e da associação de ambos sobre os fetos de camundongo. MÉTODOS: Foram utilizadas 24 fêmeas de camundongos Swiss divididas em quatro grupos de seis animais cada: controle (C; etanol (E; diabetes (D (glicemia > 200 mg/dl, e diabetes + etanol (DE. O diabetes foi induzido pela aloxana (40 mg/kg no dia 7 da gestação. Os animais dos grupos E e DE receberam 4 g/kg de solução a 25% v/v de etanol intraperitoneal (IP, enquanto os animais dos grupos C e D receberam salina. No dia 18, todos os fetos foram coletados. RESULTADOS: Foram encontradas as seguintes

  12. Comportamento das cepas Y e Peruana do Trypanosoma cruzi no camundongo, após passagem em diferentes meios Behavior of the Y and Peruvian strains of Trypanasoma cruzi in mice, ofter passage through different media

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juracy B. Magalhães

    1985-03-01

    Full Text Available Com o objetivo de verificar se o comportamento morfobiológico e histopalógico de cerpa do Trypanosoma cruzi é mantido após modificações no seu meio de manutenção e multiplicação, foram estudados oito grupos de infecção experimental em camundongos com as cepas Y e Peruana, após manutenção nas seguintes condições cultura acelular em meio de Warren, criopreservação em Nitrogênio líquido durante trinta dias, passagem em triatomíneos e passagem em camundongos. Os parâmetros avaliados foram: parasitemia, mortalidade, sobrevida, morfologiaq dos parasitos no sangue periférico, tropismo tíssular e lesões histopatológicoas. Tanto com a cepa Y como Peruana, cada grupo experimental foi dividido em dois subgrupos de acordo com a dose de inóculo, sendo um inoculado com 10.000 e outro com 50.000 formas tripomastigotas, menos o inoculado com formas de triatomíneos em que o inóculo foi apenas com 10.000 tripomastigotas. Observou-se na infecção pela cepa Y, retardo na evolução da parasitemia nos inoculados com formas de cultura e atenuação de virulência com o inóculo de 10.000 formas. Os caracteres básicos da cepa foram mantidos com predominância de macrofagotropismo na fase inicial da infecção e miotropismo nas fases tardias,predominância de forma delgadas e elevada patogenicidade, com 100% de mortalidade embora com variação nos periodos de sobrevida. Na infecção pela cepa Peruana observou-se também retardo da evolução da parasitemia com o inóculo de 10.000 formas provenientes de triatomíneos, de cultura e de criopreservação. Entretanto, as características morfológicas, o tropismo tissular e a patogenicidade foram mantidos.The behavior of two strains of Trypanosoma cruzi (Y and Peruvian strains in experimental mouse infection, after being passed through different conditions of maintainance and cultivation was studied. The conditions were: Warren's acellular culture medium, cryopreservation in liquid

  13. Antagonistic and protective effects against Salmonella enterica serovar typhimurium by Lactobacillus murinus in the digestive tract of gnotobiotic mice Efeitos antagonista e protetor contra Salmonella enterica sorovar Typhimurium por Lactobacillus murinus no trato digestivo de camundongos gnotobióticos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Luiza Sampaio Vasconcelos

    2003-11-01

    Full Text Available In the present study, production of antagonistic substances by Lactobacillus murinus against enteropathogenic bacteria was evaluated in vivo as well as a possible protective effect against an oral challenge with Salmonella Typhimurium using a gnotobiotic animal model. A higher mean survival time (P No presente estudo, a produção de substâncias antagonistas por Lactobacillus murinus contra bactérias enteropatogênicas foi avaliada in vivo assim como um possível efeito protetor contra um desafio oral com Salmonella Typhimurium utilizando um modelo animal gnotobiótico. Um maior tempo médio de sobrevida (P < 0,05 foi observado nos animais associados com L. murinus (7,89 ± 3,83 dias quando comparado com os controles (4,44 ± 0,73 dias. Lactobacillus murinus exerceu um potente efeito antagonista in vivo contra S. sonnei e com menos intensidade contra S. Typhimurium como revelado pelos halos de inibição ao redor das fezes dos animais associados com L. murinus. Os diâmetros dos halos de inibição ao redor dos conteúdos intestinais aumentaram ao longo do trato digestivo, seguindo proporcionalmente os níveis populacionais de L. murinus nas respectivas porções intestinais. Concluindo, o presente estudo mostra que a associação com L. murinus em camundongos gnotobióticos retarda a morte após um desafio oral com S. Typhimurium e que compostos inibitórios difusíveis obtidos em ensaios in vitro foram também produzidos in vivo e podem ser responsáveis por este efeito.

  14. A comparison between the novel rabbit monoclonal antibodies (SP1 and B644 and mouse antibodies for evaluating estrogen receptor in breast tumors Uma comparação entre os novos anticorpos monoclonais de coelho (SP1 e B644 e anticorpos de camundongo para detecção de receptores de estrógeno em carcinomas mamários

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael Malagoli Rocha

    2007-12-01

    Full Text Available BACKGROUND: A novel generation of rabbit monoclonal antibodies has been released recently for estrogen (ER and progesterone (PR receptor evaluation in breast cancer by immunohistochemistry. Aims: We compared novel rabbit monoclonal antibodies anti-ER SP1 (LabVision® and B644 (Cell Marque® to mouse monoclonal antibodies 1D5 (Dako® and 6F11 (Novocastra® using a tissue microarray of breast carcinomas. METHODS: Two cylinders (2 mm diameter of formalin-fixed paraffin embedded tissue were obtained from 24 invasive breast carcinomas and immunostained by using the anti-ER rabbit and mouse antibodies and the streptavidin-biotin detection system (Biogenex®. Immunostaining was evaluated considering positive those tumors in which more than 10% of the tumor cell nuclei stained. The stain intensity was also evaluated as weak (1, moderate (2, and strong (3. Results: Both rabbit antibodies against ER have similar staining pattern to each other and also to 6F11, but significantly stronger scores compared to mouse 1D5. The rabbit antibodies allow better cost/benefit because of higher working dilutions compared to mouse antibodies using the same procedure. CONCLUSION: The new rabbit antibodies against ER are highly sensitive and reliable in clinical and research immunohistochemical testing of breast carcinomas.INTRODUÇÃO: Uma nova geração de anticorpos monoclonais de coelho tem sido produzida para detecção de receptores de estrógeno (RE e progesterona (RP pela imuno-histoquímica em câncer de mama. OBJETIVO: Comparamos os novos anticorpos monoclonais de coelho anti-RE SP1 (LabVision® e B644 (Cell Marque® com anticorpos monoclonais de camundongo 1D5 (DAKO® e 6F11 (Novocastra® utilizando um tissue microarray de carcinomas mamários. METODOLOGIA: Dois cilindros (2 mm de diâmetro de tecido fixado em formol e embebido em parafina foram retirados de 24 carcinomas mamários invasivos e corados pela imuno-histoquímica utilizando-se os anticorpos de

  15. Effect of black tea in diethylnitrosamine-induced esophageal carcinogenesis in mice Efeito do chá preto sobre a carcinogênese esofágica induzida por dietilnitrosamina em camundongos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Átila Varela Velho

    2008-08-01

    Full Text Available PURPOSE: To evaluate the effect of black tea on esophageal carcinogenesis induced by the oral administration of diethylnitrosamine (DEN. METHODS: A population of 120 female mice (Mus musculus, strain CF1 were studied for 160 days. The animals were assigned to two control groups and three treatment groups. The control groups received water or tea throughout the study period, while the three experimental groups received DEN weekly, for three consecutive days, and water, tea, or both, in the other days of the week. On completion of the 160-day period, the animals were killed and their esophagi promptly examined macroscopically and subsequently submitted to histopathology (using the hematoxylin-eosin technique. RESULTS: In the comparative analysis between the treatment groups, tumor incidence (macroscopy was significantly lower in those animals that received black tea besides the carcinogen. As regards the histopathologic changes, there was a greater number of low grade epithelial lesions in the same groups (p OBJETIVO: Avaliar o efeito do chá preto sobre a carcinogênese esofágica experimental induzida pela administração oral de dietilnitrosamina (DEN. MÉTODOS: Durante 160 dias foi estudada uma população de 120 camundongos fêmeas, gênero Mus musculus, da cepa CF1, dividida em dois grupos controles e três grupos de tratamento. Os grupos controles receberam água ou chá durante todo o período do estudo. Os três grupos tratados receberam DEN semanalmente, durante três dias consecutivos, e água, chá ou ambos, nos demais dias da semana. Ao completar o período de 160 dias foram efetuadas as eutanásias dos animais e seus esôfagos foram analisados macroscopicamente (a fresco e, posteriormente, à histopatologia (empregando a técnica da hematoxilina e eosina - HE. RESULTADOS: Na análise comparativa entre os grupos de tratamento, a incidência tumoral (macroscopia foi significativamente menor naqueles animais que receberam chá preto, al

  16. Efeito da adição dietética de milho de alta qualidade protéica em camundongos Effect of adding high-quality protein maize to the diet of mice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Castro Silva

    2007-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: O objetivo do estudo consistiu em avaliar os efeitos da adição de milho quality protein maize BR473 sobre aspectos bioquímicos e fisiológicos. MÉTODOS: Camundongos Swiss, fêmeas, 6-7 semanas, foram alimentados com rações comerciais, rações comerciais com milho híbrido (1:1, rações comerciais com milho de alta qualidade protéica (1:1. Foram avaliados, durante 3 meses, o consumo de ração, o ganho de peso e de tecido adiposo retroperitoneal e os valores plasmáticos de proteínas, triglicerídeos, colesterol e glicose. RESULTADOS: A adição dietética de milho quality protein maize BR473 reduziu o consumo alimentar e o tecido adiposo retroperitoneal, porém manteve a glicemia e trigliceridemia em relação à adição de milho híbrido na ração comercial. CONCLUSÃO: A melhor eficiência alimentar e os impactos sobre os parâmetros bioquímicos do sangue sugerem o potencial do uso do milho quality protein maize BR473 como um importante complemento para garantir a segurança alimentar e nutricional.OBJECTIVE: The aim of this work was to evaluate the biochemical and physiological effects of adding quality protein maize BR473 to the diet of mice. METHODS:Female Swiss mice, 6-7 weeks old, were fed commercial diet alone or supplemented with either hybrid maize (1:1 or quality protein maize (1:1. Food intake, weight gain, abdominal obesity and plasma glucose, proteins, cholesterol and triglycerides levels were evaluated for 3 months. RESULTS: Dietary addition of the quality protein maize BR473 reduced food intake and abdominal fat, yet plasma glucose and triglycerides remained the same when compared with the addition of hybrid maize to the commercial feed. CONCLUSION: A better dietary efficiency and the impacts on the biochemical parameters of the blood suggest that the quality protein maize BR473 is an important complement to guarantee dietary and nutritional security.

  17. Evolução das imunoglobunilas envolvidas na resposta imune de camundongos ao Schistosoma mansoni The evolution of immunoglobulins involved in the immune response to mice infected with Schistosoma mansoni

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Othon de Carvalho Bastos

    1984-04-01

    Full Text Available Foi estudada a evolução das imunoglobulinas envolvidas na resposta imune de camundongos ao Schistosoma mansoni durante oito semanas de infecção, utilizando soros pluri-específicos como reativos biológicos e a técnica da imunoeletroforese bidimensional. Os resultados expressaram modulação da resposta imune humoral, tanto em soros de animais parasitados (I como nos normais, tomados como controle (C. Aumentos relativos dos níveis de imunoglobulinas entre estes dois grupos foram constatados pela relação I/C. Foi possível verificar o aparecimento de uma resposta primária, ocorrida entre o início da doença e a segunda semana de infecção, constituída de IgM e IgA, e uma secundária, iniciada na sexta semana de infecção, constituída pelas IgA; IgG1 e IgM, com aumentos relativos de 4.5; 3 e 2 vezes normal.The evolution of immunoglobulins involved in the immune response of mice infected with Schistosoma mansoni was studied by using plurispecific sera and the bi-dimensional immunoelectrophoresis technique. Determinations of the level of different immunoglobulins in infected animals and control groups which were mantained under similar conditions detected significant variations in both groups over the 8 weeks of observation. The study of the relationship (I/C between the level of immunoglobulins of the infected animals (I and that of corresponding control (C showed that the infected animals presented a primary response (1-2 weeks after infection date and a secondary response that was initiated in the 6th week of infection, with levels of IgA, IgG and IgM that were respectively 4.5, 3 and 2 times higher than those of corresponding control.

  18. Caracterização da imunogenicidade das proteínas recombinantes Virb9, Virb10 e fator termo instável de Elongação de Peptídeos de Anaplasma marginale em camundongos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Beatriz Canevari Castelão

    2012-10-01

    Full Text Available Considerando as limitações dos atuais métodos de controle contra a anaplasmose bovina, o desenvolvimento de uma vacina efetiva se faz necessário. A partir do advento da análise genômica e proteômica, novas proteínas de membrana de Anaplasma marginale foram identificadas como possíveis candidatas a componentes de uma vacina, tais como, VirB9,VirB10 e Fator Termo Instavél de Elongação de Peptídeos (EF-Tu. Embora estas proteínas ainda não estejam bem caracterizadas na membrana de A. marginale, a produção destas na forma recombinante (rVirB 9, rVirB10 e rEF-Tutem sido realizada, mas as mesmas ainda não foram exploradas em formulações vacinais. Neste trabalho, avaliou-se ouso de rVirB9, rVirB10 e rEF-Tu emulsionadas em adjuvante Montanide em camundongos. Nas condições testadas, verificou-se a indução de forte resposta imune humoral com a produção de IgG1 e IgG2a, sendo que as proporções dos níveis de produção destas subclasses indicam predomínio de IgG1. Entretanto, esplenócitos de animais, que foram injetados com rVirB9 ou rVirB10, produziram interferon-gama acima do limite de detecção do ensaio após estimulação in vitro, sinalizando assim resposta celular específica. Assim, novas avaliações serão realizadas com a finalidade de modular o perfil de resposta imune obtido em bovinos e avaliar a proteção contra A. marginale.

  19. Efeitos da intoxicação crônica com o etanol na evolução da Tripanosomíase cruzi experimental no camundongo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nildete das Graças Lima Gomes

    1989-12-01

    Full Text Available Dois experimentos foram realizados para estudar o efeito da intoxicação crônica com o etanol (solução a 7% como única fonte de líquido sobre a evolução da infecção pelo T. cruzi em camundongos: (1 animais após 60 dias de infecção com cepa miotrópica do T. cruzi foram submetidos à intoxicação crônica com o etanol durante 6 meses; (2 animais cronicamente intoxicados com etanol durante 5 meses foram infectados com a mesma cepa do T. cruzi e, continuando a ingestão do etanol, foram acompanhados até 45 dias após a infecção. Os animais infectados e tratados com etanol apresentaram, em relação aos que não ingeriram álcool etílico: (a mortalidade semelhante nos dois experimentos; (b parasitemia mais alta na fase aguda e parasitemia patente mais freqüente na fase crônica; (b miocardite com exsudato inflamatório menos intenso e fibrose miocárdica mais extensa na fase crônica; (c no músculo esquelético, miosite menos intensa e arterite com trombose hialina menos freqüente.The effect of chronic ethyl alcohol intoxication on the evolution of Trypanosoma cruzi infection in mice was studied by two experimental procedures: (1 mice after 60 days of infection with a myotropic strain ofT. cruzi were submitted to chronic alcoholic intoxidation receiving a 7% ethanol solution as only liquid source for six months; (2 mice chronically intoxicated with ethanol during five months were infected with the same strain of T. cruzi and were followed up for 45 days drinking the 7% alcoholic solution. In comparison with the infected group, not treated with ethanol, the infected mice that received the ethanol showed: a similar mortality in the two experiments; (b higher parasitemia in the acute phase and more frequent blood parasites in the chronic phase; (c myocarditis with less severe cellular exudation but with increased fibrosis; (d in the skeletal muscle, milder myositis and lowfrequency of arteritis and hyaline thrombi.

  20. Efeito dos resíduos de café seco e fermentado por Monascus ruber no metabolismo de camundongos Apo E Effect of dry coffee residues fermented with Monascus ruber on the metabolism of Apo E mice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Larissa Froede Brito

    2012-08-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A aterosclerose é uma doença inflamatória crônica de origem multifatorial que ocorre em resposta à agressão endotelial. O fungo Monascus ruber apresenta atividade hipocolesterolêmica e polifenóis presentes no resíduo de café apresentam atividade antioxidante, podendo auxiliar na prevenção de doenças cardiovasculares. O resíduo de café possui quantidade significativa de açúcares fermentescíveis, constituindo-se em substrato apropriado para o cultivo de fungos. OBJETIVO: O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito dos resíduos de café seco e fermentado por Monascus ruber no metabolismo lipídico de camundongos knockout Apo E. MÉTODOS: O ensaio biológico foi realizado com 30 camundongos knockout para o gene Apo E, divididos em cinco grupos e submetidos a diferentes tratamentos. Foi realizada a prospecção fitoquímica e quantificação de compostos fenólicos dos resíduos fermentado e sem fermentar. O soro dos animais foi analisado utilizando kits enzimáticos e o tecido aórtico incluso em parafina e corado com H/E para realização da análise histopatológica. RESULTADOS: O resíduo de café sem fermentar 2%, em relação ao grupo controle, diminuiu em 42% o nível sérico de triacilgliceróis e em aproximadamente 41% a fração VLDL-c. Os grupos dos animais alimentados com 10% de resíduo não fermentado e 2% de resíduo fermentado diminuíram a área de lesão 10,5% e 15,4%, respectivamente, quando comparados ao controle. O resíduo fermentado apresentou um teor de compostos fenólicos superior ao resíduo não fermentado. CONCLUSÃO: O presente estudo mostra que a fermentação do resíduo de café apresenta potencial efeito benéfico sobre as doenças cardiovasculares, especialmente a aterosclerose.BACKGROUND: Atherosclerosis is a chronic inflammatory disease of multifactorial origin, which occurs in response to endothelial injury. The fungus Monascus ruber has hypocholesterolemic activity, and the

  1. Efeito do miriadenolídeo isolado de Alomia myriadenia (Asteraceae sobre o tumor de Erlich ascítico no camundongo Effect of myriadenolide isolated from Alomia myriadenia (Asteraceae on Ehrlich tumor in its ascitic form

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    D. Verçosa Júnior

    2006-10-01

    Full Text Available Estudou-se atividade antineoplásica de um produto natural isolado de Alomia myriadenia (miriadenolídeo no modelo do tumor de Ehrlich em camundongos. Dezoito fêmeas de camundongo Swiss foram inoculadas com 2x10(7 células viáveis de tumor de Ehrlich via intraperitoneal (0,3ml e posteriormente distribuídas aleatoriamente em três grupos que receberam: grupo I (controle - 0,3ml de solução de Hanks; grupo II - 31µg/kg de miriadenolídeo; e grupo III - 139µg/kg de miriadenolídeo. No oitavo dia de experimento, foram realizados exames hematológicos e perfil protéico sérico eletroforético. Coletou-se todo o líquido ascítico para avaliação do volume, aparência, pH, contagem de células viáveis e inviáveis, realização de esfregaços para contagem de células claras e escuras, leucócitos e avaliação das regiões organizadoras de nucléolos argentafins (AgNORs. Foram realizados exames macro e microscópicos do baço, fígado e rins e aspirado o conteúdo da medula óssea dos fêmures direito e esquerdo de cada animal para avaliação da relação mielóide:eritróide. Não houve diferença significativa no volume, pH, contagem de células viáveis e inviáveis entre os três grupos estudados, observando-se valores de 17,6 x 10(4 células tumorais viáveis no grupo III, 27,7 x 10(4 no grupo II e 21,1 x 10(4 no grupo I. As AgNORs apresentaram-se pequenas, com distribuição difusa e incontáveis no grupo I, e em menor quantidade no grupo III. Os animais do grupo III apresentaram a menor concentração protéica total sérica (4,7g/dl (PAntitumoral activity of a natural product of Alomia myriadenia (myriadenolide in Ehrlich tumor in mice was studied. Eighteen Swiss female mice were intra-peritoneal inoculated 2x10(7 viable cells of Ehrlich Tumor (0.3ml and randomly distributed in three groups receiving via intra-peritoneal on the 3rd and 5th day post-inoculation the following treatments: group I (control - 0.3ml Hanks solution; group

  2. Estudo imunohistoquímico do remodelamento pulmonar em camundongos expostos à fumaça de cigarro Immunohistochemical study of lung remodeling in mice exposed to cigarette smoke

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Samuel Santos Valença

    2008-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Muitos estudos sobre enfisema são realizados com exposição de animais à fumaça de cigarro durante um longo tempo, focando o tipo de célula envolvida no desequilíbrio protease/antiprotease e a degradação da matriz extracelular. A expressão aumentada de metaloproteinases no enfisema está associado com citocinas e evidências sugerem um papel importante da metaloproteinase de matriz-12 (MMP-12. Nosso objetivo foi estudar a detecção de inibidor tissular de metaloproteinase-2 (TIMP-2, fator de necrose tumoral alfa (TNF-α e interleucina-6 (IL-6 por métodos imunohistoquímicos no pulmão de camundongos. MÉTODOS: Camundongos C57BL/6 machos foram expostos 3 vezes ao dia a fumaça de 3 cigarros por um período de 10, 20, 30 ou 60 dias através de uma câmara de inalação (grupos CS10, CS20, CS30 e CS60, respectivamente. O grupo controle foi exposto às mesmas condições ao ar ambiente. RESULTADOS: Nós observamos um aumento progressivo de macrófagos alveolares no lavado broncoalveolar dos grupos expostos. O diâmetro alveolar médio, um indicador de destruição alveolar, aumentou em todos os grupos expostos quando comparado ao grupo controle. O índice imunohistoquímico (II para MMP-12 aumentou nos grupos CS10, CS20 e CS30 em paralelo a uma redução do II para TIMP-2 nos grupos CS10, CS20 e CS30. O II para as citocinas TNF-α e IL-6 aumentou em todos os grupos expostos quando comparado ao grupo controle. Enfisema foi observado no grupo CS60, com alterações na densidade de volume de fibras colágenas e elásticas. CONCLUSÕES: Estes achados sugerem que a fumaça de cigarro induz enfisema com uma participação importante do TNF-α e da IL-6 sem a participação de neutrófilos.OBJECTIVE: Various studies of emphysema involve long-term exposure of animals to cigarette smoke, focusing on the cell type involved in the protease/antiprotease imbalance and on extracellular matrix degradation. In emphysema, increased expression of

  3. Effects of taurine supplementation and swimming, associated or not, on obesity and glucose homeostasis in mice = Efeito da suplementação com taurina e da natação, associadas ou não, sobre a obesidade e homeostase glicêmica em camundongos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Iris Cheng

    2012-10-01

    Full Text Available . Studies show that physical exercise (PE is associated with a reduced fat accumulation and increased insulin sensitivity, and taurine (TAU improves glucose homeostasis in lean rodents. The aim in this work was evaluate the effects of supplementing TAU and practice of PE, associated or not, on obesity and glucose homeostasis on obese MSG-mice. Neonate male Swiss mice received injections of monosodium glutamate (MSG group or saline (CON group. From the 30th to the 90th day of life, one group of animals received TAU in drinking water (MSG TAU group, another was subjected to PE (MSG PE group and a third group underwent both procedures (MSG PE TAU group. Mice treated with MSG become obese, hypertriglyceridemic, glucose intolerant and insulin resistant. The supplementation with TAU and the PE, isolated or associated, reduced the triglycerides (38%, glucose intolerance (around 30% and KITT (79% in MSG-obese animals, but did not influence the accumulation of fat. Interestingly, the combination of both strategies significantly reduced the insulin resistance, compared to animals subjected to isolated strategies. In conclusion, the supplementation with TAU and PE, isolated or associated, did not influence the accumulation of fat in MSG-obese mice, however, reduce the triglycerides and insulin resistance. O exercício físico (EF está associado à redução do acúmulo de gordura e aumento na sensibilidade à insulina e a taurina (TAU melhora a homeostase glicêmica em roedores magros. Objetivou-se avaliar os efeitos da suplementação com TAU e do EF, associados ou não, sobre a obesidade e a homeostase glicêmica em camundongos obesos-MSG. Camundongos Swiss machos neonatos receberam injeções de glutamato monossódico (grupo MSG ou salina (grupo CON. Do 30º ao 90º dia de vida, um grupo de animais MSG recebeu TAU na água de beber (MSG TAU; outro foi submetido ao EF (MSG EX e um terceiro grupo foi submetido aos dois procedimentos (MSG EX TAU

  4. Inibição da expressão de ciclooxigenase 2 em feridas cutâneas de camundongos NOD submetidos à terapia a laser de baixa intensidade Inhibition of cyclooxygenase 2 expression in NOD mice cutaneous wound by low-level laser therapy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina de Lourdes Julião Vieira Rocha

    2012-09-01

    Full Text Available CONTEXTO: A terapia a laser de baixa intensidade (LLLT tem sido relatada como importante moduladora da cicatrização de feridas cutâneas aumentando a proliferação fibroblástica associada ao aumento da expressão da citocina fator transformador de crescimento- β2 (TGF-βB2. OBJETIVO: No presente estudo foram avaliados os efeitos da LLLT sobre a expressão da enzima ciclooxigenase 2 (COX2 no sítio do reparo tecidual utilizando o modelo experimental com camundongos diabéticos não obesos (NOD para estudar a cicatrização de feridas cutâneas. MÉTODOS: Foram utilizados 30 camundongos NOD, destes 14 ficaram diabéticos e foram divididos em dois grupos: o grupo I (n=7 foi submetido a um procedimento cirúrgico de feridas cutâneas e o grupo II (n=7 foi submetido a um procedimento cirúrgico de feridas cutâneas e tratados com LLLT. O grupo II foi submetido à LLLT nos seguintes parâmetros: 15 mW de potência, dose de 3,8 J/cm² e tempo de aplicação de 20 segundos. Após sete dias do ato cirúrgico e após aplicação do laser, os animais foram eutanasiados com sobredose de anestesia e amostras das feridas foram colhidas para posterior análise histopatológica, histomorfométrica e imuno-histoquímica. RESULTADOS: A LLLT promoveu a inibição da expressão da COX2 em feridas cutâneas de camundongos diabéticos. CONCLUSÃO: Em conjunto, os resultados sugeriram que a LLLT é capaz de modular negativamente a expressão da enzima COX2 contribuindo para o controle da resposta inflamatória em feridas cutâneas de camundongos NOD.BACKGROUND: Low-level laser therapy (LLLT has been reported to modulate the healing of wounds by inducing an increase in fibroblast number associated with increased expression of the cytokine transforming growth factor-β2 (TGF-β2. OBJECTIVE: In the present study, the effect of LLLT on expression of COX2 at the site of tissue repair was evaluated, using an experimental model with non obese diabetic mice (NOD to study

  5. Indução da neurite autoimune experimental (NAE) em camundongos SJL/J através de injeção de proteína P2 da mielina do nervo periférico (MNP)

    OpenAIRE

    Vania Alice de Aguiar Mendes

    2012-01-01

    A neurite auto-imune experimental (NAE) é uma polineuropatia desmielinizante monofásica do sistema nervoso periférico (SNP). A NAE é considerada modelo experimental da síndrome de Guillain-Barré (SGB). Por se tratar de uma doença autoimune, pode ser induzida experimentalmente em camundongos geneticamente susceptíveis, através da imunização com componentes da mielina de nervos periféricos. Para a indução da NAE podem ser utilizados P0 e P2, proteínas da mielina do nervo periférico, ou sequênci...

  6. Estudo morfológico no músculo gastrocnêmio de camundongos C57 BL10 submetidos à ingestão prolongada de etanol Study of ultrastructural alterations in gastrocnemius muscle of C57 BL10 mice after prolonged ethanol ingestion

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Batista Guedes e Silva

    1996-06-01

    Full Text Available Os efeitos do alcoolismo crônico no músculo gastrocnêmio de camundongos bem nutridos foram estudados morfologicamente com a finalidade de se avaliar a hipótese de que o etanol exerce um papel tóxico direto sobre o músculo esquelético. Foram usados 30 camundongos C57BL10 machos, adultos jovens, divididos em dois grupos: Grupo A (controle consistindo de 10 camundongos que beberam água e Grupo B (alcoólico de 20 camundongos que beberam etanol a 25%. Todos os animais receberam" uma ração balanceada de laboratório e foram mantidos nesse regime ad libitum nas mesmas condições ambientais durante 48 semanas e pesados uma vez por semana. O consumo diário de dieta e a ingestão calórica foram calculados tendo os animais apresentado substancial ganho de peso, não mostrando qualquer sinal de desnutrição. Ao final do experimento os animais foram sacrificados para estudos morfológicos. Pela microscopia óptica não foram encontradas alterações. Importantes anormalidades foram observadas pela microscopia eletrônica em todos os espécimens.O retículo sarcoplasmático mostrou-se freqüentemente dilatado, resultando na formação de grandes vesículas e envolvendo as cisternas terminais com deslocamento das tríades. Áreas de estreitamento, ruptura e perda de miofibrilas ocorreram assim como zonas de completa desorganização de miofibrilas com perda do padrão estriado normal. As mitocondrias estavam em linhas gerais dentro dos limites da normalidade. Agregados tubulares peculiares vistos comumente na paralisia periódica e outras condições patológicas humanas, foram encontrados tanto no músculo dos camundongos controles como no dos alcoólicos. Os nervos intramusculares assim como as junções neuromusculares mostravam-se normais. Importantes anormalidades nos capilares musculares foram observadas, consistindo de tumefação das células endoteliais e de espessamento da lâmina basal. Difusa infiltração lipídica microvesicular

  7. Activity of praziquantel against Hymenolepis nana, at different development stages, in experimentally infected mice Atividade do praziquantel sobre diferentes estágios evolutivos do Hymenolepis nana, em camundongos infectados experimentalmente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rubens Campos

    1984-12-01

    Full Text Available Single doses of praziquantel were administered by oral route, at various time intervals, following the experimental infection of mice with Hymenolepis nana eggs (2000 per animal, to investigate the drug action against different development stages of the parasite. It was shown that either 25 or 50 mg/kg given on the 4th day after inoculation had just a partial effect against the cysticercoids. Moreover, 25 mg/kg given on the 7th day was not able to kill all juvenile forms as well. However, this dose administered on the 10th day, when the parasites had reached maturity taut oviposition was not yet initiated was 100% efficacious. The same degree of efficacy was achieved with the administration of 25 mg/kg on the 14th day when the fully mature worms already lay eggs. These animal findings indicate that in the treatment of human hymenolepiasis praziquantel, 25 mg/kg, should be taken twice, 10 days apart, so that the second dose kills the larval and juvenile forms which have survived the first one. This should be particularly recommended for treating H. nana infection in close communities.O praziquantel foi administrado oralmente, em dose única, a intervalos variáveis de tempo, subseqüentes à inoculação experimental de camundongos com ovos (2000 por animal do Hymenolepis nana, objetivando-se investigar a ação da droga sobre os diferentes estágios evolutivos do parasita. Demonstrou-se que tanto 25 quanto 50 mg/kg, administrados no 4.° dia após a inoculação, apresentavam um efeito apenas parcial sobre as formas cisticercóides. Ademais, a dose de 25 mgAg empregada no 7.° dia também não era capaz de matar todas as formas jovens. Entretanto, essa mesma dose utilizada no 10° dia, quando o parasita já atingiu a maturidade mas ainda não iniciou a postura de ovos, mostrou-se 100% eficaz. Igual grau de eficácia foi alcançado com 25 mg/kg administrados no 14.º dia, quando o parasita se encontra em plena fase de oviparidade. Esses achados

  8. Óleo de copaíba (Copaifera langsdorfii Desf. em padrões reprodutivos de camundongos e no desenvolvimento embriofetal Copaiba oil (Copaifera langsdorfii Desf. on mouse reproductive patterns and embryonic or fetal development

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.C.S. Lourenço

    2009-01-01

    Full Text Available A utilização de plantas medicinais sempre foi bem difundida, porém hoje se faz necessária uma abordagem científica para comprovar sua eficácia. Este estudo foi realizado para avaliar a possível toxicidade materna e teratogenicidade do óleo de copaíba, um óleo resina exudado do tronco de Copaifera langsdorfii, muito utilizado na medicina natural. Três doses de óleo de copaíba, administradas por gavage durante 5 dias do período gestacional de fêmeas de camundongos, foram testadas 0,3 mL Kg-1, 0,6 mL Kg-1 e 0,9 mL Kg-1 (p.c.. Em relação ao ganho de peso materno, peso dos órgãos, número de fetos vivos e implantes e viabilidade fetal, não houve diferença estatística entre os grupos. Os dados demonstram que este fitoterápico não apresenta toxicidade materna. Com relação às médias de peso e comprimento fetal dos grupos tratados, houve diferença estatística quando comparados ao controle, mas os fetos ainda se encontravam dentro do peso adequado à idade de prenhez. A prole das fêmeas tratadas não apresentou malformações ou alterações externas, viscerais e esqueléticas. Os resultados deste estudo indicam que o óleo de copaíba, nas doses administradas e período estudado, não apresentou toxicidade materna ou causou teratogenicidade na prole das fêmeas tratadas. Portanto, podemos considerar seu uso seguro durante o período gestacional.The use of medicinal plants has always been widely spread, but today a scientific approach is needed to prove their efficiency. The present study was performed to evaluate the possible maternal toxicity and teratogenicity of copaiba oil, a resin oil exudate from the trunk of Copaifera sp., extensively used in natural medicine. Three copaiba oil levels, administered through gavage for 5 days during the gestational period of female mice, were tested: 0.3 mL Kg-1, 0.6 mL Kg-1 and 0.9 mL Kg-1 (b.w.. As regards maternal weight gain, organ weight, live fetus number, implants and fetal

  9. Avaliação hematológica e histopatológica de camundongos BALB/c e C57BL/6 expostos aos antígenos recombinantes Cytoplasmic Repetitive Antigen e Flagellar Repetitive Antigen de Trypanosoma cruzi Hematological and histopathological evaluation of BALB/c and C57BL/6 mice exposed to Cytoplasmic Repetitive Antigen and Flagellar Repetitive Antigen recombinant antigens of Trypanosoma cruzi

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valéria Rêgo Alves Pereira

    2003-12-01

    Full Text Available Os antígenos recombinantes Cytoplasmic Repetitive Antigen e Flagellar Repetitive Antigen de Trypanosoma cruzi foram inoculados em camundongos BALB/c e C57BL/6 e o seu efeito avaliado a nível hematológico e histopatológico. Os resultados mostraram que o padrão histológico normal dos órgãos e o perfil hematológico dos camundongos não foram modificados sugerindo que esses antígenos não parecem causar dano ao animal.The Cytoplasmic Repetitive Antigen and Flagellar Repetitive Antigen recombinant antigens of Trypanosoma cruzi were inoculated into BALB/c and C57BL/6 mice and its effects evaluated at hematological and histopathological levels. The results showed that the histological pattern of the organs and the hematological profile of mice were not modified suggesting that these antigens are not harmful for the animal.

  10. Immunogenetic and protective activity of an extract of Schistosoma mansoni

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M. Tendler

    1982-09-01

    Full Text Available The immunogenic and protective activity of an extract of S. mansoni, obtained by incubation of viable adult worms in buffered saline, was evaluated in rabbits and mice. Animal immunization with this extract resulted in the development of both humoral and cellular immune response. All immunized rabbits developed high levels (91 to 100% of cytotoxic antibodies as determined by in vitro assays of cytotoxic activity of their sera against viable schistosomules. Immunized animals challenged with S. mansoni cercariae showed a lower parasite load than that of normal controls. Protective activity was 88.6% and 54.0% in immunized rabbits and mice, respectively.Avaliou-se em coelhos e camundongos, a atividade imunogênica e protetora de um extrato antigênico de Schistosoma mansoni, obtido pela estocagem de vermes adultos em solução salina tamponada (Extrato Salino. A imunização dos animais determinou o desenvolvimento de resposta imune celular e humoral, avaliada por provas específicas. Todos os coelhos imunizados com ES, desenvolveram altos níveis de anticorpo citotóxico (91 a 100%, determinados pela avaliação da atividade citotóxica in vitro, contra esquitossômulos. Concluiu-se que os coelhos e camundongos imunizados com o extrato salino apresentaram diminuição da carga parasitária oriunda da infecção posterior com cercárias do S. mansoni, em relação aos controles. Os percentuais de proteção foram de 88.6% e 54% para os animais vacinados (coelhos e camundongos respectivamente.

  11. Protection by Lactobacillus acidophilus UFV-H2B20 against experimental oral infection with Salmonella enterica subsp. enterica Ser. Typhimurium in gnotobiotic and conventional mice Proteção por Lactobacillus acidophilus UFV-H2B20 contra o desafio oral experimental com Salmonella enterica subsp. enterica Ser. Typhimurium em camundongos gnotobióticos e convencionais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lilian Nobre Moura

    2001-03-01

    Full Text Available The ability of Lactobacillus acidophilus UFV-H2B20 to antagonize Salmonella enterica subsp. enterica ser. Typhimurium and to reduce the pathological consequences for the host was determining using conventional and gnotobiotic animals. Conventional NIH mice received daily by gavage a 0.1 ml suspension containing about 10(8 cfu L. acidophilus UFV-H2B20 and germfree animals received a single 0.1 ml dose. The gnotobiotic and conventional groups were infected orally with 10² and 10(5 cfu of S. Typhimurium, respectively, 7 days after the beginning of treatment. Control groups were treated with sterile saline instead of Lactobacillus. Survival data showed a protective effect against the pathogenic bacteria in both conventional and gnotobiotic Lactobacillus-treated mice. L. acidophilus UFV-H2B20 colonized the digestive tract of gnotobiotic mice and the number of viable cells ranged from 10(9 to 10(10 cfu/g of faeces. In both experimental and control gnotobiotic animals, S. Typhimurium became rapidly established at a level ranging from 10(8 to 10(10 cfu/g of faeces and remained at high levels until the animals died or were sacrificed. In conclusion, the previous treatment of mice with L. acidophilus UFV-H2B20 protects the animals against the experimental infection with S. Typhimurium but this protection was not due to the reduction of the pathogenic populations in the intestines.A capacidade de Lactobacillus acidophilus UFV-H2B20 de antagonizar Salmonella enterica subsp. enterica ser. Typhimurium, e de reduzir as conseqüências patológicas para o hospedeiro foram determinadas em animais convencionais e gnotobióticos. Camundongos NIH convencionais receberam diariamente, por via oral, 0,1 ml de uma suspensão contendo em torno de 10(8 ufc de L. acidophilus UFV-H2B20 e os animais sem germes receberam uma única dose de 0,1 ml. Os grupos gnotobióticos e convencionais foram desafiados oralmente com, respectivamente, 10² e 10(5 ufc de S. Typhimurium 7

  12. The effect of antioxidant properties of aqueous garlic extract and Nigella sativa as anti-schistosomiasis agents in mice O efeito das propriedades antioxidantes do extrato aquoso do alho e da Nigella sativa como agentes anti-esquistossômicos no camundongo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nahla S. EL Shenawy

    2008-02-01

    Full Text Available The aim of this study was to assess the antioxidant and anti-schistosomal activities of the garlic extract (AGE and Nigella sativa oil (NSO on normal and Schistosoma mansoni-infected mice. AGE (125 mg kg-1, i.p. and NSO (0.2 mg kg-1, i.p. were administrated separately or in combination for successive 28 days, starting from the 1st day post infection (pi. All mice were sacrificed at weeks 7 pi. Hematological and biochemical parameters including liver and kidney functions were measured to assess the progress of anemia, and the possibility of the tissue damage. Serum total protein level, albumin, globulin and cholesterol were also determined. Malondialdehyde (MDA and glutathione (GSH levels were determined in the liver tissues as biomarkers for oxidative and reducing status, respectively. The possible effect of the treatment regimens on Schistosoma worms was evaluated by recording percentage of the recovered worms, tissue egg and oogram pattern. Result showed that, protection with AGE and NSO prevented most of the hematological and biochemical changes and markedly improved the antioxidant capacity of schistosomiasis mice compared to the infected-untreated ones. In addition, remarkable reduction in worms, tissue eggs and alteration in oogram pattern were recorded in all the treated groups. The antioxidant and antischistosomal action of AGE and NSO was greatly diverse according to treatment regimens. These data point to these compounds as promising agents to complement schistosomiasis specific treatment.O propósito deste estudo foi verificar os efeitos anti-oxidantes e anti-esquistossômicos do extrato de alho (AGE e do óleo da Nigella sativa (NSO em camundongos normais e infectados com S. mansoni. AGE (125 mg/kg, i.p. e NSO (0,2 mg/kg, i.p. foram administrados separadamente ou em combinação por 28 dias sucessivos começando do primeiro dia pós infecção (p.i.. Todos os camundongos foram sacrificados sete semanas p.i. Parâmetros hematol

  13. Valores de referência de parâmetros bioquímicos no sangue de duas linhagens de camundongos Reference values for blood-based biochemical parameters in BALB/C and C57BL/6 wild-type mice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Silva Almeida

    2008-12-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Conhecer os parâmetros bioquímicos individuais de animais de laboratório utilizados na experimentação é importante, pois eles servirão como parâmetros para avaliar alterações funcionais em órgãos e como base para estabelecer valores de referência. OBJETIVO:Estabelecer valores de referência bioquímicos do sangue em camundongos das linhagens BALB/c e C57BL/6 selvagens do Biotério da Disciplina de Biologia Celular da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM. Materiais e métodos: Foram utilizados 30 camundongos (BALB/c e C57BL/6 selvagem. Os exames realizados foram glicose, triglicérides, colesterol, proteínas totais, albumina, amilase, ácido úrico, uréia, fosfatase alcalina (kits Wiener, e as determinações foram realizadas no equipamento BIOPLUS-2000. RESULTADOS:Entre os nove analitos observou-se que quatro (albumina, glicose, proteínas totais e colesterol apresentaram diferenças estatisticamente significativas entre as linhagens. Padronizamos como valores de referência para os camundongos os valores do intervalo de confiança (IC. Nos analitos em que houve diferença significativa entre as linhagens (p INTRODUCTION: Identifying individual biochemical parameters of laboratory animal species is important inasmuch as they may be used in the evaluation of functional changes in organs and in the establishment of reference values. OBJECTIVE: To establish biochemical reference values for blood tests in BALB/c and C57BL/6 wild-type mice from the Vivarium of the Department of Cellular Biology at the Federal University of "Triângulo Mineiro". MATERIALS AND METHODS: Thirty wild-type mice of the lineages BALB/c and C57BL/6 were used to evaluate the serum levels of glucose, triglycerides, cholesterol, total protein, albumin, amylase, uric acid, urea and alkaline phosphatase. The determinations were performed in a BIOPLUS-2000 analyzer. Results: Four out of the nine analytes (albumin, glucose, total proteins and

  14. Exercício físico reduz a hiperglicemia de jejum em camundongos diabéticos através da ativação da AMPK Physical exercise decreases fasting hyperglycemia in diabetic mice through AMPK activation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mônica F. de Pádua

    2009-06-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A deficiência na captação de glicose em tecidos periféricos e o aumento da gliconeogênese hepática são fenômenos fisiopatológicos observados em pacientes diabéticos do tipo 2. O exercício físico é considerado um importante aliado para a melhora do perfil glicêmico em pacientes diabéticos; entretanto, os mecanismos envolvidos nesse processo não estão completamente elucidados. OBJETIVO: Avaliar o papel da proteína AMPK no controle glicêmico em camundongos diabéticos após o exercício físico. MÉTODOS: Durante o jejum, o teste de tolerância à insulina (ITT e a técnica de Western blot foram combinados para avaliar a homeostase da glicose em camundongos diabéticos (ob/ob e db/db submetidos a uma única sessão de natação. RESULTADOS: A hiperglicemia de jejum, a severa resistência à insulina e a deficiência na sinalização da via AMPK/ACC no músculo e no fígado observadas nos camundongos diabéticos foram revertidas após a sessão de exercício. A restauração da via AMPK/ACC reduziu a expressão da enzima gliconeogênica PEPCK no fígado e aumentou a translocação do GLUT4 no músculo esquelético. Esses dados apontam que a ativação da via AMPK/ACC induzida pelo exercício físico é importante para a redução da glicemia de jejum em modelos experimentais de diabetes tipo 2. Esses dados abrem novas frentes para o entendimento de como a atividade física controla da homeostase da glicose em pacientes diabéticos.INTRODUCTION: The deficiency in glucose uptake in peripheral tissues and increased hepatic gluconeogenesis are physiopathological phenomena observed in type 2 diabetes patients. Physical exercise plays an important role in the improvement of glycemic profile in diabetic patients; however, the mechanisms involved in these processes have not been fully elucidated. OBJECTIVE: to assess the role of AMPK protein in the glycemic control of diabetic mice after exercise. METHODS: During fasting

  15. EFFECT OF IMPERMEANT CRYOPROTECTANTS ON THE IN VITRO VIABILITY OF FROZEN SPERMATOZOA OF SWISS-ALBINA AND BALB/C MICE (Mus musculus EFEITO DE CRIOPROTETORES IMPERMEÁVEIS SOBRE A VIABILIDADE IN VITRO DE ESPERMATOZOIDES CONGELADOS DE CAMUNDONGOS (Mus musculus DAS LINHAGENS SWISS-ALBINA e BALB/c

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Sergio Varela Junior

    2009-12-01

    Full Text Available

    The objective of this study was to evaluate the effect of three disaccharides (sucrose, threalose and lactose used as nonpenetrating cryoprotectants in extender for mice semen. The parameters evaluated were sperm motility (MOT and cleavage rate (CLV after in vitro fertilization in the SWISS-ALBINA and BALB/c lines. The treatments were S1=sucrose; S2=threalose; S3=lactose, for SWISS-ALBINA; and B1=lactose; B2=threalose for BALB/c.  MOT was evaluated after: thawing (THA, centrifugation and re-suspension in P-1 medium (CEN and after 10 minutes of incubation (10M. The MOT for the SWISS-ALBINA line was higher for S2 (P<0.001 in the 3 evaluated steps (47% at DES; 66.5% at CEN and 67.2% at 10M than for S1 (32.5% at DES; 51.5% at CEN and 47.7% at 10M and S3 (30% at DES, 46.5% at CEN and 32.7% at 10M. For the BALB/c line, MOT was superior for B2 than for B1 (P<0.001. Thus, the tested disaccharides, especially threalose, can be recommended for freezing of mice sperm.

    KEY WORDS: Cryopreservation, disaccharides, mice, semen. 

    O trabalho objetivou avaliar os efeitos dos dissacarídeos sacarose, trealose e lactose, como crioprotetores impermeáveis à membrana plasmática em diluentes para criopreservação de sêmen de camundongos. Para avaliação do sêmen utilizaram-se os seguintes parâmetros: motilidade progressiva (MOT das células espermáticas, e a taxa de clivagem embrionária (TXCL obtida por meio de fertilização in vitro, nas linhagens SWISS-ALBINA e BALB/c. Os tratamentos avaliados foram: S1=sacarose; S2=trealose; S3=lactose, para SWISS-ALBINA e B1=lactose; B2=trealose para BALB/c. Avaliou-se a MOT durante as seguintes etapas: descongelação (DES, centrifugação e ressuspensão no meio P-1 (CEN e após dez minutos de incubação (10M. A MOT no S2 para a linhagem SWISS-ALBINA nas três etapas (47% no DES; 66,5% na CEN e 67,2% no 10M foi superior (P<0,001 a S1 (32,5% no DES; 51,5% no

  16. Comparação do treinamento físico de quatro e oito semanas sobre atividade da cadeia transportadora de elétrons e marcadores de estresse oxidativo em fígado de camundongos Comparison between four- and eight- week physical trainings on the mitochondrial respiratory chain enzyme activities and oxidative stress markers in liver of mice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciano A. Silva

    2010-04-01

    Full Text Available O presente estudo investigou o efeito de quatro e oito semanas de treinamento físico sobre a atividade dos complexos da cadeia transportadora de elétrons (CTE e os marcadores de estresse oxidativo em fígado de camundongos. Vinte e um camundongos (CF1, 30-35g foram distribuídos nos seguintes grupos: não treinado (NT; treinado quatro semanas (T4; treinado oito semanas (T8. Quarenta e oito horas após a última sessão de treinamento os animais foram mortos por decapitação e o fígado foi retirado e estocado em -70ºC para posterior análise. Atividade da succinato desidrogenase (SDH, dos complexos I,II,III e IV da CTE, carbonilação de proteína, conteúdo total de tióis e a atividade da superóxido dismutase foram mensurados. Os resultados demonstram que apenas oito semanas de treinamento aumentam a atividade da SDH, dos quatro complexos da CTE, da superóxido dismutase, e o conteúdo total de tióis em relação ao grupo não treinado. Houve ainda diminuição na carbonilação de proteína no respectivo grupo em relação ao NT. Em conclusão, são necessárias oito semanas de treinamento para que ocorram aumento no funcionamento mitocondrial e melhora nos marcadores de estresse oxidativo em fígado de camundongos.The present study investigated mitochondrial adaptations and oxidative stress markers after four and eight weeks of running training in liver of mice. Twenty-one male mice (CF1, 30-35g were distributed into the following groups (n=7: untrained (UT; trained - four weeks (T4; trained - eight weeks (T8. Forty-eight hours after the last training session the animals were killed by decapitation and livers were removed and stored at -70ºC. Succinate dehydrogenase (SDH, complexes I, II, II-III and IV, protein carbonyls (PC, total thiol content and superoxide dismutase activity were measured. The results show that endurance training (8-wk increases the SDH activity and complexes (I, II, III, IV, superoxide dismutase and total thiol

  17. Effects of mitomycin C on infiltration of polymorphonuclear leukocytes after epithelial scrape injury in the mouse cornea Efeito da mitomicina C na infiltração de leucócitos polimorfonucleares após lesão epitelial em córnea de camundongo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Cecília Souza Leão Escarião

    2008-12-01

    Full Text Available PURPOSE: To determine whether mitomycin C (MMC alters appearance and disappearance of polymorphonuclear leucocytes (PMN in the cornea stroma, using an epithelial scrape injury in eye mouse model. METHODS: Twenty-mice underwent mechanical epithelium debridement in the central cornea using 20% ethanol. After the scrape, the right eye received 0.02% MMC for one minute, while the left eye received physiological saline. The animals were sacrificed on days 1, 2, 5, and 14 after surgery, and corneal whole mounts were prepared for histology. PMN distribution was analyzed in digitized microscope images. Cell division in the cornea was determined by immunohistochemical detection of bromodeoxyuridine (BrdU, which was injected intraperitoneally before the mice were sacrificed. RESULTS: Epithelial scrape injury triggered infiltration of PMNs into the corneal stroma. An analysis of PMN distribution revealed that there was no difference between eyes treated with and without MMC at all time points. BrdU labeling showed that 0.02% MMC for one minute blocked keratocyte proliferation completely. CONCLUSION: MMC treatment regimen, which is common in clinical practice, inhibits keratocyte proliferation during wound healing, but when used at 0.02% for one minute, it does not affect PMN infiltration into the corneal stroma, and subsequent movement toward the injury site, or the disappearance of PMNs from the stroma, in the mouse epithelial injury model.OBJETIVO: O objetivo do estudo foi determinar se a mitomicina C (MMC altera o aparecimento dos leucócitos polimorfonucleares (PMN no estroma corneano após abrasão epitelial central, utilizando olhos de camundongo como modelo. MÉTODOS: Vinte camundongos foram submetidos à abrasão epitelial em córnea central utilizando etanol a 20%. Após a lesão, o olho direito recebeu MMC a 0,02% por 1 minuto, enquanto o olho esquerdo recebeu solução salina. Os animais foram sacrificados em 1, 2, 5 e 14 dias após a cirurgia e

  18. Schistosoma mansoni: aspectos quantitativos da fertilidade e sobrevida de vermes oriundos de cercárias irradiadas com 3 Krad, em camundongos Schistosoma mansoni: quantitative aspects of the fertility and survival of worms obtained from irradiated cercariae (3 Krad, in mice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gileno de Sá Cardoso

    1990-02-01

    Full Text Available Quatro grupos de camundongos albinos (Mus musculus não isogênicos foram infectados transcutaneamente com cerca de 450 cercárias (das cepas LE e SJ do S. mansoni não irradiadas (grupos controles e irradiadas com 3 Krad de radiação gama proveniente de cobalto-60, com a finalidade de observar o efeito da irradiação gama sobre a fertilidade das fêmeas e a sobrevida dos vermes no sistema porta. A partir do 33º dia ocorre uma certa estabilidade na população dos vermes sobreviventes, ficando esta população constante, notadamente em relação à cepa LE, até o final das observações (90º dia. Concluiu-se que esta dose de radiação gama impede a produção de ovos dos vermes em 98,1% dos camundongos infectados, sendo mortos todos os ovos detectados; as fêmeas são mais resistentes à irradiação e o efeito desta sobre a mortalidade dos machos somente se torna estatisticamente significativo a partir do 61º dia de infecção. O longo tempo de permanência de vermes adultos irradiados estéreis no sistema porta de camundongos e o seu provável envolvimento no desenvolvimento de imunoproteção, tipo imunidade concomitante sem as implicações imunopatológicas para o hospedeiro, são discutidos nesse trabalho.The effect of gamma irradiation on the fertility of female mice, as well as the survival of worms in their portal system, have been observed in four groups of outbred albino mice (Mus musculus, experimentally infected with ca 450 cercariae of Schistosoma mansoni (LE and SJ strains, by transcutaneous route. The cercariae used were a non-irradiated (control groups, and b irradiated with 3 Krad of gamma irradiation (Co-60. From the 33rd day on, some estability in the population of surviving worm could be observed. This population remained constant till the end of the observation period (90th day, notedly in relation to the LE strain. Thus, it was concluded that gamma irradiation (at the dose of 3 Krad is able to hinder the worm egg

  19. Sanitary profile in mice and rat colonies in laboratory animal houses in Minas Gerais: I - Endo and ectoparasites Perfil sanitário de colônias de camundongos e ratos de biotérios de Minas Gerais: I - Endo e ectoparasitos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    K.A. Bicalho

    2007-12-01

    Full Text Available The sanitary conditions of 13 animal houses in nine public institutions in Minas Gerais, and the presence of endo and ectoparasites of mice and rats colonies kept in these facilities were evaluated. Data about barriers to prevent the transmission of diseases and a program of sanitary monitoring were obtained through a questionnaire and local visit. Parasitological methods were performed for diagnosing mite, lice, helminthes, and protozoa parasites in 344 mice and 111 rats. Data have shown that the majority of the animal houses had neither proper physical environment nor protection barriers to prevent the transmission of infections. Parasitological results have shown that only one animal house (7.7% had parasite free animals, whereas the others have presented infected animals and the prevalences of parasites in the mice colonies were: Myobia musculi (23.1%; Myocoptes musculinus (38.5%; Radfordia affinis (15.4%; Syphacia obvelata (92.3%; Aspiculuris tetraptera (23.1%; Hymenolepis nana (15.4%; Spironucleus muris (46.2%; Giardia muris (46.2%; Tritrichomonas muris (53.8%; Trichomonas minuta (61.5%; Hexamastix muris (7.7%; and Entamoeba muris (84.6%. As for the rat colonies, the prevalences were: Poliplax spinulosa (8.1%; Syphacia muris (46.2%; Trichosomoides crassicauda (28.6%; Spironucleus muris (85.7%; Tritrichomonas muris (85.7%; Trichomonas minuta (85.7%; Hexamastix muris (14.3% and Entamoeba muris (85.7%.Avaliaram-se as condições sanitárias de 13 biotérios de nove instituições públicas do estado de Minas Gerais, bem como a presença de endo e ectoparasitos nos camundongos e ratos criados nesses biotérios. Os dados sobre barreiras contra infecções e sobre o programa de monitoramento sanitário dos animais foram obtidos por meio de um questionário e de visitas aos biotérios. Métodos parasitológicos foram utilizados para o diagnóstico de ácaros, piolhos, helmintos e protozoários em 344 camundongos e 111 ratos. A maioria dos biot

  20. A distribuição dos eosinófilos nas diferentes fases de evolução do granuloma hepático em camundongos infectados pelo Schistosoma mansoni Distribution of eosinophils at different stages of hepatic granuloma evolution in mice infected with Schistosoma mansoni

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Romero Antunes Barreto Lins

    2008-04-01

    Full Text Available No presente estudo, avaliou-se a distribuição dos eosinófilos nas diferentes fases da formação do granuloma hepático de camundongos infectados pelo Schistosoma mansoni. A partir dos resultados obtidos sugerimos uma nova classificação para a evolução do granuloma hepático em camundongos montada a partir de fases descritas por outros autores. Em cada fase há um padrão diferente de distribuição dos eosinófilos. Na fase necrótico-exudativa os eosinófilos encontram-se concentrados na periferia e no centro do granuloma e na área de necrose eles são escassos; na "produtiva" os eosinófilos estão ainda distribuídos de maneira difusa por todo o granuloma; na de cura por fibrose se concentram na periferia e no centro do granuloma. Os eosinófilos estavam em contato direto com os ovos em todos os estágios de evolução dos granulomas. Conclui-se então que a dinâmica dos eosinófilos possui papel importante na formação da reação granulomatosa do hospedeiro e resolução do processo inflamatório causado pelo ovo do parasita, além de acrescentar novos dados na classificação dos granulomas hepáticos.In the present study, the distribution of eosinophils at different stages of the formation of hepatic granuloma in mice infected with Schistosoma mansoni was evaluated. From the results obtained, we suggest a new classification for the evolution of hepatic granuloma in mice, constructed from the phases described by other authors. In each phase, there is a different pattern of eosinophil distribution. In the exudative-necrotic phase, the eosinophils are concentrated in the periphery and center of the granuloma, and are scarce in the necrotic area; in the productive phase, the eosinophils are dispersed throughout the granuloma; and in the cure due to fibrosis phase, the eosinophils are concentrated in the periphery and center of the granuloma. Eosinophils were found in direct contact with the eggs at all stages of evolution of the

  1. Avaliação em camundongo da eficácia do antiveneno administrado no local da inoculação intramuscular do veneno de Crotalus durissus terrificus Evaluation in mice, of the antivenom efficacy injected at the same place of the intramuscular inoculation of the Crotalus durissus terrificus venom

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lindioneza Adriano Ribeiro

    1993-02-01

    Full Text Available A eficácia do antiveneno crotálico por via intramuscular (im no local da inoculação, também im, do veneno de Crotalus durissus terrificus foi avaliada em camundongos. Em três experimentos inocularam-se duas DLSO do veneno por via im e administrou-se o antiveneno de três formas: metade da DE50 por via intraperitoneal (ip e metade por via im, no mesmo local, imediatamente após (1º e 30' após (2º a inoculação do veneno; quatro quintos de DE50 por via ip e um quinto por via im, no mesmo local e 30' após a inoculação do veneno (3º. O antiveneno ofereceu, por via ip, maior proteção aos camundongos (menor taxa de óbito em 48 horas do que quando foi administrado, em parte, por via im, no local da inoculação do veneno (pThe efficacy of the Crotalus durissus terrificus antivenom administration by intramuscular (im injection at the same place of the im inoculation, of the C. d. terrificus venom was evaluated in mice. In three experiments two DL50 of the venom were inoculated and the antivenom was administered in three differents ways: half of the ED50 by intraperitoneal (ip administration and half by injection, at the same place, immediatelly after the venom inoculation and thirty minutes after the im venom inoculation; four fifth of ED50 by ip administration and one fifth by injection, at the same place and thirty minutes after the venom inoculation. The antivenom that was administred by intraperitoneal route provided a higher protection to mice (a lower death rate in a 48 hours period than when it was administred in parts, by intramuscular injection, at the same place of the venom inoculation (p<0,05. Therefore, it is concluded that this should not be used in human beings bitten by snakes.

  2. Avaliação da eficácia do antiveneno botrópico administrado no local da inoculação intramuscular do veneno de Bothrops jararaca: estudo experimental em camundongos Assessment of the efficacy of antivenom injection at the site of the intramuscular inoculation of Bothrops jararaca venom in mice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carla Lilian Agostini Utescher

    1994-06-01

    Full Text Available Foi determinada, em camundongos de 18 a 20 g, a dose efetiva 50% do antiveneno botrópico, por via intraperitoneal (ip, imediatamente (DE50 Oh e 30 minutos (DE50 30' após a inoculação de 2 DL50 do veneno de B. jararaca, por via intramuscular (im. A DE50 30' foi três vezes maior do que a DE50 Oh. A eficácia do antiveneno administrado no local da inoculação do veneno foi avaliada inoculando-se duas DL50 do veneno, por via im, e administrando-se a DE50 do antiveneno imediatamente (DE50 Oh e 30 minutos após (DE50 30', de duas formas a saber: totalmente por via ip (1ª e metade por via ip e metade por via im (2ª, no mesmo local da inoculação do veneno. O antiveneno ofereceu, por via ip, maior proteção aos camundongos (menor taxa de óbito em 48 horas do que quando metade do mesmo foi administrado, por via im, no local da inoculação do veneno. Conclui-se que, neste modelo experimental, quando se inicia o tratamento tardiamente há necessidade de maior dose de antiveneno botrópico e que não há benefício em administrá-lo no local da picada.The 50% effective intraperitoneal (ip dose of Bothrops jararaca antivenom (ED50 was assessed in mice immediately (ED50 Oh and thirty minutes (ED50 30' after the intramuscular (im injection of two 50% lethal dose (LD50 of Bothrops jararaca venom. The efficacy of the antivenom injected at the venom inoculation site was assessed by the inoculation of two LD50 of the venom by im route, followed immediately (ED50 Oh and 30 minutes later (ED50 30' by administration of the ED50 of the antivenom either entirely by the ip route or 50 percent ip plus 50 percent im, at the same inoculation site. It was shown that the ED50 30' was 3 times greater, than the ED50 Oh and that the antivenom was more protective to mice (lower death rate in 48 hours when given entirely ip. It was concluded that, in this experimental model, a higher dose of bothropic antivenom is needed when the treatment is started lately, and that

  3. Estabelecimento de metodologia para alimentação de Aedes aegypti (Diptera-Culicidae em camundongos swiss e avaliação da toxicidade e do efeito residual do óleo essencial de Tagetes minuta L (Asteraceae em populações de Aedes aegypti Establishment of the feeding methodology of Aedes aegypti (Diptera-Culicidae in Swiss mice and evaluation of the toxicity and residual effect of essential oil from Tagetes minuta L (Asteraceae, in populations of Aedes aegypti

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Waldemir Pereira Lima

    2009-12-01

    Full Text Available Objetivou-se desenvolver um procedimento de alimentação de fêmeas de Aedes aegypti que não cause estresse em camundongo swiss e avaliar a toxicidade e o efeito residual do óleo essencial de Tagetes minuta L (Asteraceae em populações de Aedes aegypti. Camundongos anestesiados: um observado tempo de sedação e outro colocado em gaiola para alimentação de fêmeas. Óleo essencial, diluído em acetona, foi utilizado em bioensaios para avaliação das concentrações letais em larvas de Bauru, SP e São José do Rio Preto, SP, respectivamente, sensíveis e resistentes ao temephos. Os dados obtidos foram comparados com a cepa Rockefeller-EUA. O procedimento com camundongos foi aprovado. Não houve diferença entre as populações quanto à susceptibilidade a Tagetes minuta e os ensaios demonstraram CL50 de 0,24, 0,25 e 0,21mL L-1 e CL99,9 em 0,35, 0,39 e 0,42mL L-1, respectivamente, para Rockfeller, Bauru e São José do Rio Preto. Não foi observado efeito residual da solução.The objectives here were to develop a procedure for feeding females of Aedes aegypti that does not cause stress in Swiss mice and to evaluate the toxicity and residual effect of essential oil from Tagetes minuta L. (Asteraceae in Aedes aegypti populations. Two mice were anesthetized: one was used to observe the duration of sedation and the other was placed in a cage to feed the female mosquitoes. Essential oil was diluted in acetone and used in bioassays to assess the lethal concentrations in larvae from the Cities of Bauru (SP and São José do Rio Preto (SP that were sensitive and resistant to temephos, respectively. The data obtained were compared with the American Rockefeller strain. The procedure with mice was approved. There was no difference between the populations regarding susceptibility to Tagetes minuta, and the assays showed LC50 of 0.24, 0.25 and 0.21 ml/l and LC99.9 of 0.35, 0.39 and 0.42 ml/l, for Rockefeller, Bauru and São José do Rio Preto

  4. Um estudo comparativo das cepas Feira de Santana (Bahia e Porto Rico do Schistosoma Mansoni na infecção experimental do camundongo A comparative study of the Feira de Santana (Bahia and Porto Rico strains of Schistosoma mansoni in the experimental infection of mice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Zilton A. Andrade

    1985-03-01

    Full Text Available Dois grupos de camundongos, infectados com cem cercárias do S. mansoni, um com a cepa Porto Rico e outro com a cepa Feira de Santana mostraram resultados semelhantes quanto à recuperação de esquistossômulos pulmonares, recuperação de vermes do sistema porta, número de ovos por grama de tecido no figado e intestinos, lesões histopatológicas e mortalidade. Na realidade as diferenças entre animais infectados pela mesma cepa foram maiores que quando os dados conjuntos das duas cepas foram considerados.A comparative study of mice infected either with the Porto Rican or a Brazilian (Feira de Santana strain of Schistosoma mansoni failed to show any difference regarding recovery of five day lung worms, recovery of adult worms from the portal system, number of eggs per gram of tissue in liver and intestines, histopathology or mortality rate. In fact, the differences, although small, were greater among animals infected with the same strain, that when the total results from both strains were compared.

  5. Schistosoma mansoni: acquired immunity in mice after the use of oxamniquine at the evolutive skin and pulmonary phases Schistosoma mansoni: imunidade adquirida em camundongos, após o uso de oxamniquina durante as fases evolutivas da pele e do pulmão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Marcos Z. Coelho

    1991-02-01

    Full Text Available Mice infected with 350 cercariae of Schistosoma mansoni (LE strain were treated with oxamniquine, at the dose of 400 mg/kg, 24, 48, 72, and 96 h after infection. Forty days after the treatment, the animals were submitted to a challenge infection with 80 cercariae, through the abdominal and ear skins. The number of immature worms in the animal groups treated 24 and 96 h after the first infection was found to be lower than that in the control group, thus showing that the death of schisto-somes by chemotherapy, at the skin and pulmonary phases, causes an acquired resistance state.Camundongos infectados com 350 cercárias de Schistosoma mansoni (cepa LE foram tratados com oxamniquina, em dose única de 400 mg/kg, 24,48,72 e 96 horas após a infecção. Quarenta dias após o tratamento, os animais foram submetidos a uma infecção desafio com 80 cercárias, através da pele abdominal e da orelha. O número de vermes imaturos nos grupos de animais tratados 24 e 96 horas após a primeira infecção foi menor do que o do grupo controle, evidenciando que a morte de esquistossômulos por quimioterapia, durante as fases da pele e do pulmão, causa um estado de resistência adquirida.

  6. Contribuição do plasma rico em plaquetas na reparação óssea de defeitos críticos criados em crânios de camundongos Platelet-rich plasma contribute to the process of bone repair of critical defects created in the calvaria of mice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Betânia Souza Monteiro

    2010-07-01

    Full Text Available No presente estudo, foram avaliados, de forma macro e microscópica, os resultados da aplicação do PRP em defeitos ósseos críticos de 6,0mm de diâmetro confeccionados em calvária de 24 camundongos isogênicos C57BL/6 jovens, separados em dois grupos experimentais. O grupo controle não recebeu tratamento, e no grupo tratado foram depositados, no interior do defeito, 50,0µL plasma em gel contendo 1,0x10(9 plaquetas. Constatou-se que o gel de PRP autólogo depositado em defeitos críticos contribuiu positivamente para o processo de reparação óssea, mormente na fase inicial.This study aimed to evaluate macro and microscopic results after PRP application in bone critical defects of 6.0mm in diameter realized in cavarial of twenty-four young isogenic mice C57BL/6. Control group didn't receive treatment and in the treated group it was deposited 50.0µL of plasma gel containing 1.0x10(9 platelets in the defects. It was found that autologous PRP gel contributed positively to the bone repair process, especially in initial phase.

  7. Pancreatic intraepithelial neoplasia and ductal adenocarcinoma induced by DMBA in mice: effects of alcohol and caffeine Neoplasia pancreática intraepithelial e adenocarcinoma ductal induzidos pelo DMBA em camundongos: efeitos do álcool e da cafeína

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Roberto Wendt

    2007-06-01

    Full Text Available PURPOSE: To evaluate the effects of alcohol and caffeine in a pancreatic carcinogenesis mouse model induced by 7,12-dimethylbenzantracene (DMBA, according to the PanIN classification system. METHODS: 120 male, Mus musculus, CF-1 mice were divided into four groups. Animals received either water or caffeine or alcohol or alcohol + caffeine in their drinking water. In all animals, 1 mg of DMBA was implanted into the head of the pancreas. After 30 days, euthanasia was performed; excised pancreata were then fixed in formalin, stained with hematoxylin-eosin and categorized as follows: normal ducts, reactive hyperplasia, PanIN-1A, PanIN-1B, PanIN-2, PanIN-3 or adenocarcinoma. RESULTS: PanIN lesions were verified in all groups. Adenocarcinoma was detected in 15% of animals in the caffeine group, 16.6% in the water group, 23.8% in the alcohol + caffeine group and 52.9% in the alcohol group (POBJETIVO: Avaliar os efeitos do álcool e da cafeína na carcinogênese pancreática induzida pelo 7,12-dimetilbenzantraceno (DMBA em camundongos, descrevendo as lesões de acordo com a classificação das neoplasias pacreáticas intraepiteliais (PanIN. MÉTODOS: 120 camundogos machos, Mus musculus, CF-1 foram divididos em quatro grupos. Animais receberam água ou cafeína ou álcool ou álcool + cafeína para beber. Em todos animais, 1 mg de DMBA foi implantado na cabeça do pâncreas. Após 30 dias, eutanásia foi realizada, o pâncreas foi removido, fixado em formalina e corado com hematoxilina e eosina sendo classificado em: ductos normais, hiperplasia reativa, PanIN-1A, PanIN-1B, PanIN-2, PanIN-3 ou adenocarcinoma. RESULTADOS: Neoplasias pancreáticas intraepiteliais foram encontradas em todos grupos. Adenocarcinoma foi detectado em 15% dos animais do grupo cafeína, 16,6% do grupo água, 23,8% do grupo álcool + cafeína e 52,9% do grupo álcool (P<0,05. CONCLUSÕES: O modelo experimental de carcinogênese pancreática em camundongos utilizando DMBA induz

  8. Oxidative stress gene expression profile in inbred mouse after ischemia/reperfusion small bowel injury Perfil da expressão gênica do estresse oxidativo em camundongos isogênicos após lesão de isquemia e reperfusão intestinal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Roberto Bertoletto

    2012-11-01

    Full Text Available PURPOSE: To determine the profile of gene expressions associated with oxidative stress and thereby contribute to establish parameters about the role of enzyme clusters related to the ischemia/reperfusion intestinal injury. METHODS: Twelve male inbred mice (C57BL/6 were randomly assigned: Control Group (CG submitted to anesthesia, laparotomy and observed by 120min; Ischemia/reperfusion Group (IRG submitted to anesthesia, laparotomy, 60min of small bowel ischemia and 60min of reperfusion. A pool of six samples was submitted to the qPCR-RT protocol (six clusters for mouse oxidative stress and antioxidant defense pathways. RESULTS: On the 84 genes investigated, 64 (76.2% had statistic significant expression and 20 (23.8% showed no statistical difference to the control group. From these 64 significantly expressed genes, 60 (93.7% were up-regulated and 04 (6.3% were down-regulated. From the group with no statistical significantly expression, 12 genes were up-regulated and 8 genes were down-regulated. Surprisingly, 37 (44.04% showed a higher than threefold up-regulation and then arbitrarily the values was considered as a very significant. Thus, 37 genes (44.04% were expressed very significantly up-regulated. The remained 47 (55.9% genes were up-regulated less than three folds (35 genes - 41.6% or down-regulated less than three folds (12 genes - 14.3%. CONCLUSION: The intestinal ischemia and reperfusion promote a global hyper-expression profile of six different clusters genes related to antioxidant defense and oxidative stress.OBJETIVO: Determinar o perfil de expressão dos genes associados com estresse oxidativo e contribuir para estabelecer parâmetros sobre o papel das familias de enzimas relacionadas com a lesão de isquemia / reperfusão intestinal. MÉTODOS: Doze camundongos machos isogênicos (C57BL/6 foram distribuídos aleatoriamente: Grupo Controle (CG submetido à laparotomia anestesia, e observado por 120min; Grupo isquemia/reperfusão (IRG

  9. Anxiolytic effects of Dolichandrone falcata Seem., Bignoniaceae, stem-bark in elevated plus maze and marble burying test on mice Efeitos ansiolíticos das cascas de Dolichandrone falcata Seem., Bignoniaceae, em teste do labirinto em cruz elevada e teste de esconder esferas, em camundongos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vishal B Badgujar

    2010-11-01

    Full Text Available Dolichandrone falcata Seem., Bignoniaceae, is a deciduous tree commonly known as Medshingi in local areas of Toranmal region of Maharashtra, India. Its bark paste is applied on fractured or dislocated bones, used as a fish poison; bark juice is used in cases of menorragia and leucorrhoea. The leaves of the plant have afforded chrysin-7-rutinoside. The present study was carried out to investigate the anxiolytic effects of methanol extract (DFBM, ethyl acetate extract (DFBEA and isolated compound DFB (V+VI of D. falcata stem-bark using animal models. Anxiolytic effects were studied by elevated plus maze (EPM and marble burying test (MBT assay. The crude dried DFBM and DFBEA extract was prepared in doses of 100, 200 and 400 mg/kg whereas DFB (V+VI compound was prepared in doses of 50, 100 and 200 mg/kg and were administered orally to mice for evaluation of anxiolytic activity. DFBEA 400 and DFB (V+VI 200 mg/kg produced highly significant (p Dolichandrone falcata Seem., Bignoniaceae, é uma árvore do tipo decidua, comumente conhecida como "Medshingi" na da região Toranmal de Maharashtra, na Índia. Uma pasta da casca é aplicada em fraturas ou luxação dos ossos e usada como veneno de peixe; o suco da casca é usada em casos de menorragia e leucorréia. Das folhas da planta foi isolado crisina-7-rutinoside. O presente estudo foi realizado para investigar os efeitos ansiolíticos do extrato metanólico (DFBM, acetato de etila (DFBEA e compostos isolados DFB (V + VI de D. falcata utilizando a casca do tronco em modelos animais. Os efeitos ansiolíticos foram estudados por labirinto em cruz elevada (EPM e o ensaio de esconder esferas de mármore (MBT. Os extratos bruto e seco DFBM DFBEA foram preparados em doses de 100, 200 e 400 mg/kg, enquanto que o composto DFB (V + VI foi preparado em doses de 50, 100 e 200 mg/kg e foram administrados em camundongos para avaliação da atividade ansiolítica. DFBEA 400 and DFB (V+VI 200 mg/kg produziram efeitos

  10. Association between maternal-fetal genetic histocompatibility and maternal undernutrition in mice: influence on intrauterine growth Associação entre histocompatibilidade genética materno-fetal e desnutrição materna em camundongos: influência no crescimento fetal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Celso M. Rebello

    2006-04-01

    Full Text Available OBJECTIVE: The purpose of this study was to evaluate the effects of maternal-fetal genetic histocompatibility and the association of that condition with maternal undernutrition regarding fetal growth and litter size. STUDY DESIGN: Fetuses that were either syngeneic or allogeneic with the mothers were bred, using mice of well-defined syngeneic strains (A/J and Balb/c. Pregnant mice were fed using either unrestricted normal diet with 22% protein, consumed ad libitum, or a diet containing 14% protein, with intake restricted to 70% of that consumed by the unrestricted group. At the end of gestation, the number of fetoplacental units and fetal losses, the fetal and placental weight, and the weights of fetal brain and liver were recorded. RESULTS: Fetuses from undernourished mothers showed a reduction in body, placental, and brain weight (P OBJETIVO: Avaliar os efeitos da histocompatibilidade genética materno-fetal e sua associação com a desnutrição materna em relação ao crescimento fetal e número de fetos. MÉTODOS: Fetos singênicos ou alogênicos em relação às respectivas mães foram obtidos através de cruzamentos de camundongos com linhagens genéticas bem definidas (A/J e Balb/c. As fêmeas grávidas foram alimentadas ad libitum com dieta normal contendo 22% de proteínas ou dieta com restrição, contendo 14% de proteína e aporte máximo de 70% do total consumido pelo grupo em dieta livre. No final da gestação, o número de unidades feto-placentárias e de perdas fetais, o peso da placenta e do feto, assim como o peso do cérebro e do fígado foram anotados. RESULTADOS: Os fetos das mães submetidas à desnutrição mostraram redução no peso corpóreo, placentário e cerebral (p<0.01, sendo que a associação entre a compatibilidade genética materno-fetal resultou em maior restrição ao crescimento fetal (p<0.01. Foi observada uma redução no número de fetos viáveis por fêmea entre os animais do grupo de restri

  11. Produção de fator de necrose tumoral-alfa e peróxido de hidrogênio na infecção pelo Trypanosoma cruzi em camundongos submetidos ao exercício = Production of tumoral necrosis factor-alpha and hydrogen peroxide during Trypanosoma cruzi infection in mice submitted to exercise

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristiano Schebeleski Soares

    2010-01-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo determinar os níveis de fator de necrose tumoral alfa (TNF-alfa sérico e produção de peróxido de hidrogênio (H2O2 por macrófagos peritoneais em camundongos experimentalmente infectados pelo Trypanosoma cruzi e submetidos ao treinamento físico realizado antes da infecção ou ao exercício físico durante o período de infecção. Foram utilizados camundongos BALB/c fêmeas com 30 dias de idade, inoculados com 1.400 tripomastígotas sanguíneos da cepa Y. O exercício físico consistia em atividade de intensidade moderada em esteira rolante. As dosagens foram realizadas com material coletado no 13º dia de infecção. Para a dosagem de TNF-alfa, foi utilizada a técnica de ELISA de captura. A produção de H2O2 foi expressa por coloração produzida após a incubação de macrófagos peritoneais com peroxidase e a leitura realizada em aparelho de ELISA. Não foram encontradas diferenças significativas nas concentrações de TNF-alfa e produção de H2O2 entre os grupos infectados. O treinamento físico realizado antes da infecção e o exercício físico realizado após a infecção não foram capazes de alterar significativamente os níveis de TNF-alfa e a produção de H2O2 na infecção pelo T. cruzi.This study aimed to determine the levels of seric tumor necrosis factor-alpha (TNF-alpha and production of hydrogen peroxide (H2O2 by peritoneal macrophages in mice experimentally infected with T. cruzi and submitted to pre-infection exercise training and to post-infection acute exercise. Female 30-day-old BALB/c mice were inoculated with 1,400 blood trypomastigotes of Y-strain T. cruzi. Exercise programs consisted in moderate-intensity activity and were carried out in a treadmill. The measurements were performed with material collected at the 13th day after infection Serum TNF-alpha was evaluated using capture ELISA. H2O2 production was expressed by coloration produced after incubation of peritoneal

  12. Comparative study on the localization of adult Schistosoma mansoni worms in albino mice anesthetized with pentobarbital sodium, ether or chlorophorm Estudo comparativo sobre a localização de vermes adultos de Schistosoma mansoni em camundongos albinos anestesiados com pentobarbital sódico, éter ou clorofórmio

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Roberto Machado e Silva

    1993-08-01

    Full Text Available The effect of anesthetic drugs on the localization of adult worms in albino mice was compared. The animals with 56 days of infection were anesthetized with pentobarbital sodium, ether or chlorophorm. Perfusion was carried out immediately after, recovering the worms and classifying them in relation to their localization on the liver or portal vein and the mesenteric veins. Our results showed that pentobarbital sodium produced a greater displacement of the worms to the liver (89% than ether (76% and chlorophorm (34% did, when compared to the control group (22%. The difference between pentobarbital sodium and ether was significant (p Comparou-se o efeito de drogas anestésicas na localização de vermes adultos em camundongos albinos. Com 56 dias de infecção os animais foram anestesiados com pentobarbital sódico, éter ou clorofórmio. Imediatamente realizou-se a perfusão, sendo os vermes recolhidos e classificados quanto à localização em fígado ou veia porta e nos vasos mesentéricos. Nossos resultados demonstraram que o pentobarbital sódico produziu maior deslocamento dos vermes para o fígado (89% do que o éter (76% e o clorofórmio (34% quando comparados com o grupo controle (22%. As diferenças para o pentobarbital sódico e o éter foram significativas (P < 0,05. Sugerimos que os anestésicos não sejam utilizados nos estudos sobre a distribuição de vermes adultos nos hospedeiros.

  13. Estudo da patogenicidade para camundongos recém-nascidos de amostras de echovirus tipo 9 isoladas de casos de meningite durante um surto epidêmico no Rio de Janeiro Pathogenicity for newborn mice of echovirus type 9 samples isolated from cases of meningitis during an outbreak in Rio de Janeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rita Maria Ribeiro Nogueira

    1983-06-01

    Full Text Available A patogenicidade do echovirus tipo 9 para camundongos recém-nascidos foi estudada, utilizando-se 12 amostras isoladas em cultura de células primárias de rim de macaco, a partir do liquor de crianças com meningite. Os animais inoculados com o fluido da primeira passagem em células desenvolveram paralisia flácida, após um período de 5 dias, com a morte ate o 8º dia. Os especimens originais de liquor não continham suficiente vírus para provocar sinais clínicos nos animais inoculados no período de 21 dias de observação. Ao exame histopatológico os animais doentes apresentaram miopatia necrotizante da musculatura paravertebral, língua e diafragma. Animais inoculados que não desenvolveram paralisia durante o período de observação apresentaram miosite discreta, sem que tenha sido encontrada necrose das fibras musculares.The pathogenicity for baby-mice of 12 strains of echovirus type 9, isolated in primary monkey kidney cells, from liquor specimens of children with meningitis, have been studied. The animals inoculated with the first passage in tissue culture show after a period of 5 days, a flaccid paralysis and died by the 8th day after inoculation. The original liquor specimens did not contain enough virus to cause clinical signs in the inoculated animals, during the 21 days of observation. Histopathologicals studies in the sick animals, show a necrosis of the paravertebral muscles, tongue and diafragm. Inoculated animals wich did not develop paralysis during the observation period, show light miositis without necrosis of the muscle tissue.

  14. Schistosoma mansoni: aspectos quantitativos da evolução de cercarias irradiadas a nível da pele, pulmões e sistema porta, em camundongos Schistosoma mansoni: quantitative aspects of the evolution of gamma-irradiated cercariae at the skin, lungs, and portal system, in mice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gileno de Sá Cardoso

    1989-10-01

    Full Text Available Foi estudada a migração do Schistosoma mansoni (cepas LE e SJ em oito grupos de camundongos albinos (Mus musculus não isogênicos, infectados transcutaneamente com cerca de 450 cercarias não irradiadas (grupos controles e irradiadas com 3 Krad, 20 Krad e 40 Krad de radiação gama proveniente de cobalto-60, Na pele, observou-se uma diminuição progressiva das taxas de recuperação em função do tempo e, nos pulmões e sistema porta, verificou-se uma relação inversa significativa entre as taxas de recuperação total e as doses de irradiação. A dose de 20 Krad praticamente impede a migração dos parasites, de ambas as cepas, dos pulmões até o sistema porta, enquanto a de 40 Krad praticamente impede a migração dos mesmos da pele para os pulmões.The migration of Schistosoma mansoni (LE and SJ strains has been studied in eight groups of outbred Swiss albino mice (Mus musculus, which were previously infected with ca 450 cercariae, transcutaneously. The infection of mice was performed with non irradiated cercariae (control groups, or with gamma-irradiated cercariae, at the schedule of 3, 20 and 40 Krad. Regarding the skin, a progressive decrease was detected for the recovery rates, related to the time of infection. As far as the lungs and portal system are concerned, a significant inverse correlation was observed between the total recovery rate and the irradiation dosages. The dose of 20 Krad practically hinders the migration of the parasites (in both strains from the lungs to the portal system, whereas the dose of 40 Krad prevents the migration of most of the parasites from the skin to the lungs.

  15. Persistence of Leishmania antigen in C57Bl/6j inbred mice infected with Leishmania (Leishmania amazonensis Persistência do antígeno da Leishmania no camundongo isogênico C57Bl/6j infectado com a Leishmania (Leishmania amazonensis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C. Vasconcellos

    1999-07-01

    Full Text Available PURPOSE. To develop an animal model for studying mucocutaneous leishmaniasis. METHODS. The hind footpad of C57Bl/6j inbred mice was experimentally infected with 10(7 Leishmania (Leishmania amazonensis promastigote and the skin was studied through light and electron transmission microscopy and immunohistochemistry (PAP techniques. RESULTS. There were morphological evidences of cellular immune mechanisms and hypersensitivity reaction after eight weeks of infection and metastasis and well shaped parasites at ultrastructural level by fifty-one weeks post infection. Relapse of infection with mucosa lesions occurred around the 50th week after inoculation. CONCLUSION. The use of this animal model in long term follow up could be an useful experimental model for human mucocutaneous leishmaniasis.OBJETIVO. Desenvolver um modelo experimental para o estudo da leishmaniose cutâneo-mucosa. MÉTODOS. O coxim plantar traseiro de camundongos isogênicos C57Bl/6j foi inoculado com 10(7 formas promastigotas da Leishmania (Leishmania amazonensis e a pele foi estudada através da microscopia óptica e eletrônica e de técnica imunohistoquímica (PAP. RESULTADOS. Ocorreram evidências morfológicas de mecanismos imunes mediados por células, concomitantemente ao de reação de hipersensibilidade, após a oitava semana de infecção e a presença de parasitas com ultraestrutura preservada na quinquagésima primeira semana após a infecção. Houve recidiva da infecção com surgimento de lesões mucosas por volta da 50a semana pós inoculação. CONCLUSÃO. Este modelo animal, com um período de tempo de seguimento prolongado, poderia ser empregado como modelo para o estudo experimental da leishmaniose cutâneo-mucosa.

  16. Comparative efficacies of Zataria multiflora essential oil and itraconazole against disseminated Candida albicans infection in BALB/c mice Eficiência comparada do óleo essencial de Zataria multiflora e itraconazol contra infecção disseminada de Candida albicans em camundongos BALB/c

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.R. Khosravi

    2009-09-01

    Full Text Available Disseminated candidiasis is a serious problem in public health that results from the invasion of Candida species, in particular Candida albicans. The aim of this study was to compare the efficacies of Zataria multiflora essential oil and itraconazole in clearing C. albicans from the visceral organs of BALB/c mice suffered from disseminated candidiasis. Zataria multiflora essential oil was extracted using Clevenger-type apparatus and analyzed by gas chromatography mass spectrometry (GC-MS. For clearance experiment, mice (20-25 g, N=8 per group received essential oil at doses of 30, 48 and 64 mg/kg and itraconazole at dose of 200 mg/kg intraperitoneally (IP 2 days before and after intravenous inoculation of 0.5×10(6 C. albicans blastospores. The treated animals were sacrificed on day 20, and 0.1 g of the tissue homogenates was plated onto specific media. In GC-Mass, the main components of the essential oil were carvacrol (61.29% and thymol (25.18%. The results demonstrated that IP administration of 64 mg/kg of the essential oil had the highest efficacy in reducing C. albicans and produced 39.5, 21.8, 141.5, 174 and 501-fold reductions in mean CFUs per 0.1 gram in Candida infections of the liver, spleen, lungs, brain and kidneys, respectively, compared to positive control. Itraconazole showed significantly more responsiveness than the essential oil at dose of 30 mg/kg in clearing C. albicans from the kidneys (PA candidíase disseminada é um problema sério de saúde publica decorrente da invasão por espécies de Candida, e Candida albicans em particular. O objetivo deste estudo foi comparar a eficiência do óleo essencial de Zataria multiflora e itraconazol na remoção de C. albicans das vísceras de camundongos BALB/c com candidíase disseminada. O óleo essencial de Zataria multiflora foi extraído empregando um aparelho do tipo Clevenger e analisado por cromatografia a gás e espectrometria de massa (GC-MS. Para os experimentos de remo

  17. Expressão de galectina-3 e beta-catenina em lesões pré-malignas e carcinomatosas de língua de camundongos Galectin-3 and beta-catenin expression in premalignant and carcinomatous lesions in tongue of mice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Moreira de Almeida Sant'ana

    2011-02-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A galectina-3 (GAL3 apresenta importantes papéis na biologia tumoral e recentemente foi mostrada a sua participação na via de sinalização Wnt, translocando a beta-catenina para o núcleo. Expressão alterada de GAL3 e beta-catenina tem sido descrita em cânceres, mas não há estudos avaliando a expressão de ambas em displasias e carcinomas desenvolvidos em modelos de carcinogênese de língua. OBJETIVOS: Estudar a expressão de GAL3 e beta-catenina em lesões displásicas e carcinomas induzidos experimentalmente em língua de camundongos. MATERIAL E MÉTODOS: Vinte camundongos C57BL/6 machos foram desafiados com 4NQO na água de beber por 16 semanas e sacrificados na semana 16 e 32. Após o sacrifício, as línguas foram removidas, processadas, coradas por hematoxilina e eosina (HE para detecção de displasias e carcinomas. Ensaio imuno-histoquímico foi realizado para determinar o índice de positividade para GAL3 e beta-catenina nessas lesões, bem como uma correlação entre elas em carcinomas. RESULTADOS: O número de camundongos afetados por carcinoma aumentou entre as semanas 16 e 32 (22,2% vs. 88,9% e o de displasia diminuiu (66,7% vs. 11,1%. Um aumento de células positivas para beta-catenina não membranosa e GAL3 citoplasmática foi observado nas displasias e nos carcinomas, mas essa diferença não foi estatisticamente significativa. No entanto, um aumento estatisticamente significativo de GAL3 nuclear foi observado na evolução de displasia para carcinoma (p = 0,04. Nenhuma correlação foi encontrada entre beta-catenina e GAL3. CONCLUSÃO: Tanto nas displasias quanto nos carcinomas a via de sinalização Wnt está ativa, e o aumento de GAL3 nuclear nos carcinomas sugere um papel na transformação maligna do epitélio lingual.INTRODUCTION: Galectin-3 plays pivotal role in tumor biology and its participation in Wnt signaling pathway translocating beta-catenin into the nucleus has been recently demonstrated

  18. Comportamento experimental de amostras de Schistosoma mansoni em relação às formas clínicas de esquistossomose: I. Estudo em camundongos Experimental behavior of samples of Schistosoma mansoni in relation to clinical forms of schistosomiasis: I. Study in mice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mario José da Conceição

    1986-03-01

    Full Text Available Como já descrevemos em publicação anterior (Conceição, 1985, foram isoladas 20 amostras de S. mansoni de pacientes do sexo masculino com idades entre 13 e 30 anos, autóctones do distrito de Capitão Andrade, município de Itanhomi, no Vale do Rio Doce, em Minas Gerais. Das amostras, seis eram portadores de esquistossomose-infecção (tipo I, seis da forma hepatointestinal (tipo II e oito da forma hepatoesplênica (tipo III, adaptadas inicialmente, à B. glabrata da mesma área. Cada uma das amostras foi inoculada em 48 camundongos em lotes de 16, respectivamente com 25,50 e 100 cercárias, mantendo-se 12 animais não infectados, com controles. Após 90 dias perfundiu-se o sistema porta de 12 animais (quatro de cada lote. Os animais mortos naturalmente em diversos períodos e a metade de cada lote sacrificada aos 90 e 180 dias foram estudados através dos seguintes parâmetros: 1§ determinação dos pesos de fígado, baço, pulmão e intestino; 2§ contagem de ovos em intestinos (proximal e mediano e grosso (distal. O número de vermes obtidos pela perfusão nos três grupos em média de 21,9%, 22% e 17,8%% para os tipos I, II e III. A mortalidde natural média dos camundongos submetidos à infecção com 25, 50 e 100 cercárias, foi respectivamente, 12,4%, 23,2% para o grupo I; de 4,7% 19,3% e 22,2% para o grupo II e 11,4%, 29,5% e 41,6% para o grupo III, apresentando-se, portanto, proporcional aos inóculos. O peso dos órgãos dos animais infectados bem como o número de ovos de S. mansoni foi sempre proporcional ao inóculo e a contagem mais elevada nas partes mediana e proximal do intestino nos três grupos. Concluiu-se que não houve correlação entre as formas clínicas da esquistossomose e o comportamento das amostras de S. mansoni em camundongo, ressaltando-se que as alterações parasitológicas encontradas foram proporcionais ao inóculo empregado e ao tempo de infecção, evidenciando os aspectos quantitativos na determina

  19. Relação entre a patogenicidade de Schistosoma mansoni em camundongos e a susceptibilidade do molusco vetor: I. Infecciosidade das cercárias e carga de vermes Relationship between the pathogenicity of Schistosoma mansoni in mice and the susceptibility of the vector mollusc: I. Cercariae infectivity and worm burden

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eliana Maria Zanotti-Magalhães

    1991-10-01

    Full Text Available Foram pesquisadas as possíveis influências que os mecanismos imunes do molusco poderiam exercer no desenvolvimento dos esporocistos e no comportamento do verme adulto no hospedeiro vertebrado. Utilizaram-se duas linhagens de S. mansoni (BH e SJ, selecionadas para o caráter susceptibilidade e mantidas, respectivamente, em Biomphalaria glabrata e Biomphalaria tenagophila, seus hospedeiros invertebrados naturais. Formaram-se grupos experimentais de camundongos infectados com cercárias oriundas de moluscos das duas espécies, pertencentes às gerações P, F1, F2, F3 e F4. Foram calculadas as taxas de infecção dos moluscos, número de cercárias penetrantes e o número de esquistossomos adultos nos roedores. Concluiu-se que a maior susceptibilidade de B. tenagophila determinou maior capacidade das cercárias em se tornarem vermes adultos. A maior susceptibilidade de B. glabrata originou maior capacidade de penetração das cercárias.The possible influence of the immune mechanisms of the molluscs on the developmente of the sporocysts and the resultant behavior of the adult worm in the vertebrate host were studied. Two strains of Schistosoma mansoni (BH and SJ were used. These were genetically selected for their susceptibility and maintained, respectively, in Biomphalaria glabrata and Biomphalaria tenegophila, the natural invertebrate hosts. Experimental groups of mice infected with cercariae proceeding from the two species of molluscs, belonging to generations P, F1 F2, F3 and F4, were formed. The infection rates of the snails, the number of the penetrant cercariae and the worm burden in mice were evaluated. It was concluded that the higher susceptibility of Biomphalaria tenagophila results in a greater ability on the part of the cercarial to develop into adult worms. The higher susceptibility of B. glabrata results in greater power of penetration into mice tegument on the part of the cercariae.

  20. Avaliação de três cepas de vírus rábico, antigenicamente distintas, em camundongos: II - Estudo da disseminação viral por diferentes órgãos Evaluation of three antigenically different rabies virus strains in mice: II -Study of the viral dissemination in different organs

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro Manuel Leal Germano

    1988-12-01

    Full Text Available Estudou-se, comparativamente, o grau de disseminação de três cepas de vírus rábico, duas de origem de cão, Jales e Nigéria, e uma de origem de morcego, DR 19, com perfis antigênicos do nucleocapside distintos. Estas cepas foram inoculadas por via intramuscular, na face interna da coxa, em dois grupos de camundongos, com 21 e 28 dias de idade. Os animais foram mantidos em observação por um período total de 30 dias, e dos animais vitimados pela infecção, foram coletados diferentes órgãos, músculo lingual, coração, pulmão, rim e fígado, além do cérebro e da medula espinal, para avaliar-se o grau de disseminação de cada cepa viral, através da prova de imunofluorescência direta (IFD. Os resultados obtidos evidenciaram que os decalques de cérebro e de medula espinal apresentaram total concordância na prova de IFD, constatando-se as maiores diferenças com as cepas Jales e Nigéria, situando-se a cepa DR 19, intermediariamente, a estas duas. O músculo lingual foi o órgão que apresentou maior freqüência de positividade para ambos os grupos etários e para as três cepas virais.A study was conducted to compare three strains of rabies virus, two of them, Jales and Nigeria, isolated from dogs, and the other DR 19, from vampire bats, with different nucleo-capside antigenic characteristics. These strains were intramuscularly inoculated in the inner side of the thigh of 21 and 28 day-old mice. The animals were observed for 30 days and different organs: brain, spinal cord, tongue, heart, lung, kidney and liver were collected from the animals which died of rabies for the dissemination study by the immunofluorescent antibody technique (IFA. This technique showed complete agreement between brain and spinal cord. The greatest differences in dissemination were observed between Jales and Nigeria strains. The results observed for the DR 19 strain were situated between those of the two dog strains. The greates degree of dissemination

  1. Immunohistochemical expression of oestrogen and progesterone receptors during experimental acute and chronic murine Schistosomiasis mansoni Expressão imunohistoquímica de receptores para estrogênio e progesterona nas fases aguda e crônica da esquistossomose mansônica experimental em camundongos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fawzia Ahmed Habib

    2010-10-01

    Full Text Available INTRODUCTION: The responsibility of Schistosoma mansoni in female infertility is still controversial. This study was conducted to evaluate the effect of acute and chronic schistosomiasis mansoni infection on the endometrium using immunohistochemical analysis of uterine hormone receptor expression. METHODS: Twenty-four nonpregnant swiss albino mice were divided into three groups: control, noninfected; acute; and chronic Schistosoma mansoni infection. Histological sections of uterine specimens were examined by light microscope with an image analyzing system to detect structural histological, estrogen receptor (ER and progesterone receptor (PR expression in the endometrium. RESULTS: No secretory phase was detected in the endometrium in acute and chronic Schistosoma infection. Hormone receptor expression (ER and PR showed statistically significant differences among the groups (pINTRODUÇÃO: A responsabilidade do Schistosoma mansoni em esterilidade feminina é ainda controversa. Este estudo é conduzido para avaliar o efeito da esquistossomose mansoni aguda e crônica no endométrio usando análise de imuno-histoquímíca da expressão de receptor hormonal uterina. MÉTODOS: Vinte e quatro camundongos fêmeas albinas suíças não grávidas foram divididas em 3 grupos (controle não-infectado, grupos agudos e crônicos infeccionados com Schistosoma mansoni. As seções histológicas de espécimes uterinos foram examinadas por microscópio leve com imagem, analisando sistema para detectar no endométrio expressões histológicas estruturais, receptor de estrogênio (ER e receptor de progesterona (PR. RESULTADOS: Nenhuma fase secretora foi detectada no endométrio com infecção aguda e crônica de Schistosoma. A expressão hormonal de receptor (ER e PR mostrou diferenças estatisticamente significantes entre grupos diferentes (p<0,05 com baixa significativa hormonal de ER com infecção crônica (comparado com controle proliferativo, controle secret

  2. Localization of Bmp-4, Shh and Wnt-5a transcripts during early mice tooth development by in situ hybridization Localização de transcritos de Bmp-4, Shh e Wnt-5a durante as fases iniciais do desenvolvimento dentário de camundongos por hibridização in situ

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fábio Daumas Nunes

    2007-06-01

    Full Text Available A comparative nonisotopic in situ hybridization (ISH analysis was carried out for the detection of Bmp-4, Shh and Wnt-5a transcripts during mice odontogenesis from initiation to cap stage. Bmp-4 was expressed early in the epithelium and then in the underlying mesenchyme. Shh expression was seen in the odontogenic epithelial lining thickening, being stronger in the enamel knot area, during the cap stage. Wnt-5a transcripts were expressed only in the mesenchyme during the initiation, bud and cap stages, with strong expression in the dental mesenchyme during the bud stage. The present results showed that Bmp-4, Shh and Wnt-5a are expressed since the very early stages of tooth development, and they suggest that the Wnt-5a gene is expressed in different cell populations than Bmp-4 and Shh.No presente trabalho, realizou-se uma análise comparativa não isotópica por hibridização in situ a fim de se detectar a presença de transcritos de Bmp-4, Shh e Wnt-5a durante as fases iniciais da odontogênese em camundongos, desde a iniciação até o estágio de capuz. No estágio de iniciação, observou-se expressão precoce de Bmp-4 no epitélio e no mesênquima subjacente, enquanto que a expressão de Shh ocorreu durante o estágio de capuz, na região de espessamento do revestimento epitelial odontogênico, tornando-se mais intensa na área de nó do esmalte. Os transcritos de Wnt-5a foram expressos somente no mesênquima durante os estágios de iniciação, botão e capuz, com intenso sinal na região no mesênquima na fase de botão. Estes resultados mostraram que Bmp-4, Shh e Wnt-5a são expressos desde os estágios mais precoces do desenvolvimento dentário, sugerindo que o gene Wnt-5a seja expresso em populações celulares distintas daquelas que expressam Bmp-4 e Shh.

  3. The use of mice as animal model for testing acute toxicity (LD-50 of toxic shock syndrome toxin Utilização de camundongos como modelo animal para a verificação da toxicidade aguda da toxina-1 da síndrome do choque tóxico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R.S. Dias

    2009-02-01

    Full Text Available Acute toxicity test (LD-50 using toxic shock syndrome toxin (TSST-1 was tested in BALB/c, C57BL/6 and Swiss mice. Animals (n = 10 were intraperitoneally injected with TSST-1 (0.01-10.0µg/mouse followed 4h later by potentiating dose of lipopolysaccharide (75.0µg of LPS - E. coli O111:B4 and cumulative mortality was recorded over 72h. Control animals received either TSST-1 or LPS alone. The data were submitted to qui-Square test and acute toxicity test was calculated by probit analysis (confidence limits expressed as µg toxin/kg. BALB/c mice was the most sensitive (20.0µg/kg, 95% confidence limits: 9.0-92.0 followed by C57BL/6 (38.5µg/kg, 95% confidence limits: 9.11- 401.6. Data from Swiss mice was not conclusive, indicating only low sensitivity. Selection of the animal model and standardization of the experiment are fundamental for the development of serum neutralization tests used for final quality control of vaccine production.A toxicidade aguda (DL-50 da toxina da síndrome do choque tóxico (TSST-1 foi testada em linhagens de camundongos BALB/c, C57BL/6 e Suíça. Os animais (n=10 inoculados intraperitoneal com doses crescentes de toxina (0,01 - 10,0µg/animal receberam 4h após 75µg de LPS (E. coli O111: B4. A toxicidade aguda (DL50 foi observada por um período de 72h e os dados submetidos ao teste de qui- quadrado. Os resultados e os limites de confiança foram expressos em µg de toxina/kg. A linhagem BALB/c apresentou maior sensibilidade (20µg/kg - limite de confiança a 95% entre 9,0- 92,0, seguida da C57BL/6 (38,5µg/kg - limite de confiança a 95% entre 9,11 - 401,6. A amplitude dos limites de confiança deve-se à natureza da toxina, ao mecanismo de ação, a via de inoculação e ao animal utilizado. A seleção do modelo animal e a padronização do experimento são fundamentais para o desenvolvimento de testes de soro neutralização para fins de controle de qualidade do processo de produção de vacinas.

  4. Subcutaneous immunization against Leishmania major - infection in mice: efficacy of formalin-killed promastigotes combined with adjuvants Imunização subcutânea na infecção do camundongo pela Leishmania major: eficácia dos promastigotos mortos pela formalina combinada com adjuvantes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joshua M. Mutiso

    2010-04-01

    Full Text Available Formalin-killed promastigotes (FKP of Leishmania major, in combination with Montanide ISA 720 (MISA, BCG or alum were used in vaccination of an inbred murine model against cutaneous leishmaniasis (CL. Significant and specific increases in anti-FKP IgG responses were detected for both alum-FKP and BCG-FKP compared to MISA-FKP (p Promastigotos mortos pela formalina (FKP de Leishmania major combinados com Montanide ISA 720 (MISA, BCG ou alumen foram usados na vacinação de modelo murino cutâneo de leishmaniose (CL. Aumento significante e específico de resposta IgG anti FKP foram detectados tanto no FKP com alumen como naquele com BCG comparados ao MISA-FKP (p < 0,001. Aumento significante da proliferação esplênica de linfócitos de memória foi obtida nos camundongos vacinados com MISA-FKP quando comparados aos grupos vacinados com alumen-FKP ou BCG-FKP (p < 0,01. As maiores respostas por interferon-gama foram observadas no grupo BCG-FKP seguido pelo MISA-FKP enquanto que o alumen-FKP deu a menor resposta. No grupo MISA-FKP foram obtidas reduções significantes do tamanho das lesões quando comparado aos grupos vacinados com BCG/adjuvante de alumen-FKP. Embora o grupo BCG-FKP tenha mostrado a maior resposta por interferon-gama, não houve controle das lesões cutâneas. Redução significante no número de parasitas foi observada tanto no grupo vacinado com MISA-FKP como no BCG-FKP (p < 0,001. Houve boa correlação entre a carga parasitária e o nível de interferon-gama indicando que a resposta do interferon-gama é parâmetro sensível do estado imunológico. Em conclusão, MISA-FKP é a forma mais eficaz de vacina contra a leishmaniose cutânea murina.

  5. Anatomical features of the urethra and urinary bladder catheterization in female mice and rats. An essential translational tool Características anatômicas da cateterização da uretra e bexiga de camundongos e ratos fêmeas. Instrumento essencial na pesquisa pré clínica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo Oliveira Reis

    2011-01-01

    Full Text Available PURPOSE: To present fundamental anatomical aspects and technical skills necessary to urethra and urinary bladder catheterization in female mice and rats. METHODS: Urethral and bladder catheterization has been widely utilized for carcinogenesis and cancer research and still remains very useful in several applications: from toxicological purposes as well as inflammatory and infectious conditions to functional aspects as bladder dynamics and vesicoureteral reflux, among many others. RESULTS: Animal models are in the center of translational research and those involving rodents are the most important nowadays due to several advantages including human reproducibility, easy handling and low cost. CONCLUSIONS: Although technical and anatomical pearls for rodent urethral and bladder access are presented as tackles to the advancement of lower urinary tract preclinical investigation in a broaden sight, restriction to female animals hampers the male microenvironment, demanding future advances.OBJETIVO: Apresentar aspectos anatômicos fundamentais e habilidades técnicas necessárias para cateterismo da uretra e bexiga em ratos e camundongos fêmeas. MÉTODOS: Cateterismo vesical tem sido amplamente utilizado na pesquisa do câncer e carcinogênese, além de várias outras aplicações, desde fins toxicológicos, condições inflamatórias e infecciosas até aspectos funcionais como a dinâmica vesical e refluxo vesico-ureteral, entre muitos outros. RESULTADOS: Os modelos animais estão no centro da investigação de translação e os roedores são os mais importantes devido a várias vantagens, incluindo reprodutibilidade humana, o fácil manuseio e baixo custo. CONCLUSÕES: Apesar de permitir o desenvolvimento da investigação pré-clínica do trato urinário inferior, o modelo se restringe aos animais do sexo feminino, de modo que avanços futuros são necessários.

  6. Eficácia da vacina anti-rábica ERA em camundongos, frente a quatro diferentes variantes antigênicas do vírus da raiva Evaluation of ERA anti-rabies vaccine against four different antigenic strains of rabies virus in mice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elcio Benedito Erbolato

    1989-12-01

    Full Text Available Estudou-se a eficácia da vacina anti-rábica preparada em cultura primária de tecido renal de suínos, a partir da amostra ERA, na prevenção da raiva em camundongos, frente a quatro cepas antigenicamente distintas do vírus rábico, duas originadas de cão. C/SP e C/NG, uma originada de morcego, DR-19, e uma cepa fixa, CVS (Challenge Vírus Standard. O perfil antigênico desta cepa foi determinado pela técnica dos anticorpos antirrábicos monoclonais antinucleocapside. Os animais foram vacinados, aos 21 dias de idade, por via intramuscular na face interna da coxa, com uma única dose de 0,05 ml de vacina e desafiados aos 42 dias de idade, em conjunto com os animais do grupo testemunho, por via intramuscular na face interna da coxa, com 0,05 ml da suspensão da cepa viral correspondente. Os resultados obtidos permitiram constatar que a vacina ERA protegeu 100% dos animais desafiados com as cepas C/SP, C/NG e DR-19 e 83% dos animais desafiados com à cepa CVS, enquanto que a mortalidade no grupo testemunho variou entre 70 e 90%.ERA anti-rabies vaccine prepared in kidney tissue culture was evaluated against four different antigenic strains of rabies virus in mice: two of them dog strains, C/SP and C/NG, another a bat vampire strain, DR-19, and the CVS strain. The CVS antigenical characteristics were determined by means the antinucleocapsid monoclonal antibodies technique. Twenty one days old mice were vaccinated, intramuscularly, in the inner side of the thigh, with 0.05 ml of vaccine and challenged at 42 days old, together with those of the control group, intramuscularly, in the inner side of the thigh, with 0.05 ml of the corresponding viral strain dilution. The ERA anti-rabies vaccine protected 100% of all the mice challenged with C/SP, C/NG and DR-19 strains and 83% of those challenged with CVS. The control groups mortality rate varied between 70 and 90%.

  7. Relação entre patogenicidade do Schistosoma mansoni em camundongos e susceptibilidade do molusco vetor. IV - Infecciosidade dos miracidios Relationship between the pathogenicity of Schistosoma mansoni in mice and the susceptibility of the vector mollusk. IV - Infectiousness of the miracídia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eliana Maria Zanotti-Magalhães

    1997-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar a capacidade de infecção de miracídios das linhagens BH e SJ de S. mansoni, obtidos de camundongos infectados com cercárias oriundas de Biomphalaria glabrata e B. tenagophila, selecionadas geneticamente para a susceptibilidade, com miracídios obtidos de camundongos infectados com larvas procedentes de moluscos não selecionados. MATERIAL E MÉTODO: Progenies de S. mansoni foram obtidas das passagens sucessivas pelos moluscos selecionados, obtendo-se assim gerações de miracídios selecionados. A seleção de B. glabrata e B. tenagophila foi realizada através da autofecundação dos moluscos susceptíveis, frente às respectivas linhagnes BH e SJ do trematódeo. Foram obtidas 5 gerações de moluscos (P a F4. Os testes de infecciosidade dos miracídios foram realizados utilizando-se 10 larvas e a susceptibilidade verificada após 30 dias e durante 3 meses, através da detecção da eliminação de cercárias. RESULTADOS: Evidenciou-se que a susceptibilidade de moluscos selecionados, confrontada com as respectivas linhagens simpátricas, não foi alterada pelo processo de selecão das linhagens do trematódeo, porém miracídios BHF4 foram mais infectantes frente a B. glabrata não selecionada do que miracídios BHP. A seleção de B. glabrata propiciou sua infecção de modo semelhante com miracídios BHP, SJP e BHF3 . Esses moluscos não apresentaram a mesma capacidade de infecção frente a miracídios alopátricos selecionados (SJF4. A passagem sucessiva do S. mansoni SJ em B. tenagophila selecionada ajustou essa linhagem para essa espécie de molusco. B. tenagophila nunca foi susceptível à linhagem BH, mesmo utilizando moluscos e trematódeos selecionados. A susceptibilidade/infecciosidade do binomio B. tenagophila - linhagem SJ só foi alterada pelo processo de seleção do molusco. CONCLUSÕES: Como miracídios BH selecionados infectaram, de forma mais intensa, B. glabrata não selecionada do que miracídios BH n

  8. Parasite survey in mouse and rat colonies of Brazilian laboratory animal houses kept under differents sanitary barrier conditions Estudo de parasitos em colônias de ratos e de camundongos em biotérios brasileiros mantidos sob diferentes condições de barreiras sanitárias

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R. Gilioli

    2000-02-01

    Full Text Available A parasitological study was undertaken to determine the health status of 15 mouse and 10 rat colonies bred in 18 Brazilian laboratory animal houses maintained under different sanitary barrier conditions which supply animals for teaching, research purposes and manufacture of biological products for medical or veterinary use. Parasitological methods were used for diagnosis of mites, lices, helminthes and protozoan parasites. A questionnaire was answered by institutions with the intention to obtain information about the existence of barriers against infections and of regular sanitary monitoring program of their colonies. The questionnaire data show that the majority of the animal houses investigated do not possess an efficient sanitary barrier system able to keep animals under controlled health sanitary conditions. Ecto and endoparasite infections are widespread in the colonies and multiple infections were common in animals from most facilities investigated. The prevalences of parasites detected among the mouse and rat colonies of the laboratory animal houses investigated were: Myocoptes musculinus (46.6%, Myobia musculi (26.6%, Radfordia ensifera (13.3%, Syphacia obvelata (86.6%, Aspiculuris tetraptera (60.0%, Hymenolepis nana (53.3%, Spironucleus muris (80.0%, Tritrichomonas muris (80.0%, Giardia muris (66.0%, Entamoeba muris (20.0%, Eimeria sp. (13.3%, Hexamastix muris (26.6%, Poliplax spinulosa (30.0%, Poliplax serrata (10.0%, Radfordia ensifera (30.0%, Syphacia muris (80.0%, Hymenolepis nana (40.0%, Trichosomoides crassicauda (55.5%, Spironucleus muris (90.0%, Tritrichomonas muris (80.0%, Giardia muris (60.0%, Entamoeba muris (80.0%, Eimeria sp. (60.0% and Hexamastix muris (60.0%.Um estudo parasitológico foi realizado para verificar as condições de saúde de 15 colônias de camundongos e 10 colônias de ratos produzidos em 18 biotérios de instituições brasileiras que fornecem animais para ensino, pesquisa e produção de imunobiol

  9. Associação de betabloqueadores e treinamento físico na insuficiência cardíaca de camundongos Asociación de betabloqueantes y entrenamiento físico en la insuficiencia cardíaca de ratones Association of physical training with beta-blockers in heart failure in mice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andréa Somolanji Vanzelli

    2010-09-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: O tratamento da insuficiência cardíaca (IC conta atualmente com diversos tipos de intervenções. Dentre elas, destacam-se a terapia com betabloqueadores (BB e o treinamento físico (TF. Contudo, os efeitos da associação dessas terapias são pouco estudados. OBJETIVO: Verificar os efeitos do tratamento com BB, metoprolol (M e carvedilol (C associados ao TF na IC em camundongos. MÉTODOS: Utilizamos modelo genético de IC induzida em camundongos por hiperatividade simpática. Inicialmente, dividimos os animais com IC em: sedentários (S; treinados (T; tratados com M (138 mg/kg (M ou C (65 mg/kg (C. Na segunda parte, dividimos os grupos em S; treinado e tratado com M (MT e treinado e tratado com C (CT. O TF consistiu em treinamento aeróbico em esteira por 8 semanas. A tolerância ao esforço foi avaliada por teste progressivo máximo e a fração de encurtamento foi avaliada (FE por ecocardiografia. O diâmetro dos cardiomiócitos e a fração de colágeno foram avaliados por meio de análise histológica. Os dados foram comparados por ANOVA de um caminho com post hoc de Duncan. O nível de significância foi considerado p FUNDAMENTO: El tratamiento de la insuficiencia cardiaca (IC cuenta actualmente con diversos tipos de intervenciones. De entre ellas podemos destacar la terapia con betabloqueantes (BB y el entrenamiento físico (EF. Con todo, los efectos de la asociación de estas terapias son poco estudiados. OBJETIVO: Verificar los efectos del tratamiento con BB, metoprolol (M y carvedilol (C asociados al EF en la IC en ratones. MÉTODOS: Utilizamos modelo genético de IC inducida en ratones por hiperactividad simpática. Inicialmente, dividimos los animales con IC en: sedentarios (S; entrenados (E; tratados con M (138 mg/kg (M o C (65 mg/kg (C. En la segunda parte, dividimos los grupos en S; entrenado y tratado con M (ME y entrenado y tratado con C (CE. El EF consistió en entrenamiento aeróbico en estera por 8 semanas. La

  10. Comparison of three diagnostic techniques for the detection of leptospires in the kidneys of wild house mice (Mus musculus Comparação de três métodos de diagnóstico para detecção de leptospiras em rins de camundongos selvagens (Mus musculus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos A. Rossetti

    2004-03-01

    Full Text Available Forty-one wild house mice (Mus musculus were trapped in an urban area, near railways, in Santa Fe city, Argentina. Both kidneys from each mouse were removed for bacteriological and histological examination. One kidney was inoculated into Fletcher semi-solid medium and isolates were serologically typed. The other kidney was microscopically examined after hematoxylin-eosin, silver impregnation and immunohistochemical stains. Leptospires, all of them belonging to the Ballum serogroup, were isolated from 16 (39% out of 41 samples. The presence of the agent was recorded in 18 (44% and in 19 (46% out of 41 silver impregnated and immunohistochemically stained samples respectively. Additionally, leptospires were detected in high number on the apical surface of epithelial cells and in the lumen of medullary tubules and they were less frequently seen on the apical surface of epithelial cells or in the lumen of the cortical tubules, which represents an unusual finding in carrier animals. Microscopic lesions consisting of focal mononuclear interstitial nephritis, glomerular shrinkage and desquamation of tubular epithelial cells were observed in 13 of 19 infected and in 10 of 22 non-infected mice; differences in presence of lesions between infected and non-infected animals were not statistically significant (P=0,14. The three techniques, culture, silver impregnation and immunohistochemistry, had a high agreement (k³0.85 and no significant differences between them were detected (P>0.05. In addition, an unusual location of leptospires in kidneys of carrier animals was reported, but a relationship between lesions and presence of leptospires could not be established.Foram capturados 41 camundongos (Mus musculus na região urbana, próximo à ferrovia da cidade de Santa Fé, Argentina. Os rins de cada animal capturado foram removidos para estudos bacteriológicos e histológicos. Um dos rins foi imerso em meio semi-sólido de Fletcher para isolamento de

  11. Antibody responses in mice after immunization with inactivated bovine respiratory syncytial virus using different adjuvants Respostas de anticorpos em camundongos após imunização com vírus respiratório sincicial bovino inativado utilizando diferentes adjuvantes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Rosado Spilki

    2010-11-01

    Full Text Available Bovine respiratory syncytial virus (BRSV causes pneumonia in young cattle. Modified-live-virus (MLV and inactivated vaccines are currently used for the control of clinical effects of BRSV infections in cattle. On the present research, the stimulation of specific anti-BRSV immunoglobulin isotypes was investigated, through the use of different commercially available adjuvants (Water-in-oil emulsion, Quil A, Aluminum-hydroxide in inbred mice (Balb/C and C57BL/6. BRSV antibodies were measured using an enzyme-linked immunosorbent assay (ELISA and the results were compared to the antibody levels induced by immunization of animals using live-BRSV-virus. Water-in-oil emulsion and alum- adjuvant preparations induced higher levels of IgG1 immunoglobulins, whereas Quil A favored the production of IgG2 antibodies, this last being a more appropriate response profile for the specific case of BRSV. Not using adjuvants resulted in poor levels of specific antibodies. The isotype profile of specific antibodies obtained varied greatly depending on the adjuvants used. This information may be useful for the formulation of more effective BRSV inactivated vaccines; however, these findings have to be confirmed in cattle.O vírus respiratório sincicial bovino (BRSV causa pneumonia em bovinos jovens. Vacinas de vírus vivo modificado (MLV e vacinas inativadas são atualmente utilizadas para o controle dos efeitos clínicos de infecções pelo BRSV em bovinos. No presente trabalho, investigou-se a estimulação dos isotipos de imunoglobulinas específicas anti-BRSV, através da utilização de diferentes adjuvantes disponíveis comercialmente (água em óleo de emulsão, Quil A, hidróxido de alumínio em camundongos isogênicos (Balb/C e C57BL/6. Anticorpos contra o BRSV foram medidos usando-se um ensaio imunoenzimático (ELISA, e os resultados foram comparados com os níveis de anticorpos induzidos pela imunização de animais utilizando-se o BRSV vivo. As prepara

  12. Hepatic regeneration after partial hepatectomy in mice infected with Schistosoma mansoni, at the acute and chronic phases of the disease Regeneração hepática após hepatectomia parcial em camundongos infectados com Schistosoma mansoni, nas fases aguda e crônica da doença

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    G. COSTA

    1999-07-01

    Full Text Available Outbred male albino mice normal or infected with 30 cercariae of Schistosoma mansoni (LE strain were submitted to 65% hepatectomy during the acute (70 days and chronic phase (160 days phases of the disease. A group of the infected animals was treated with 400 mg/kg of oxamniquine during the acute phase before hepatectomy. Non-infected, infected and treated but not hepatectomized animals were kept as controls. Hepatic regeneration was evaluated by incorporation of tritiated thymidine, intraperitoneally injected into non-hepatectomized and hepatectomized animals, 24 hours after surgery. The results showed that removal of 65% of the hepatic parenchyma, during the acute phase, led to a statistically significant increase of thymidine incorporation, when compared with the uninfected hepatectomized controls. This phenomenon was not observed at the chronic phase. Treatment with oxamniquine administered during the acute phase led to a decrease in thymidine incorporation rate 160 days after infection (90 days after treatment and 24 hours after hepatectomy. The data suggest that infection with S. mansoni represents a considerable stimulus for the regenerative capacity of the liver during the acute, but not the chronic phase of disease.Camundongos albinos não-isogênicos, normais ou infectados com 30 cercárias de Schistosoma mansoni (cepa LE foram submetidos a hepatectomia parcial (65% na fase aguda (70 dias ou crônica (160 dias da doença. Um grupo de animais infectados foi tratado, na fase aguda, com 400 mg/kg oxamniquine antes da hepatectomia. Animais não infectados, infectados e tratados mas não hepatectomizados, foram mantidos como controles. A regeneração hepática foi avaliada pela incorporação de timidina tritiada, injetada peritonealmente em animais hepatectomizados ou não, 24 horas após cirurgia. Os resultados mostraram que a remoção de 65% do parênquina hepático, na fase aguda, levou a um aumento estatisticamente significativo da

  13. Níveis comparativos de estresse oxidativo em camundongos em duas situações do limite orgânico: overreaching induzido por treinamento de natação e câncer Comparative oxidative stress levels in mice submitted to two situations of organic limit: overreaching induced by swimming training and cancer

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joaquim Maria Ferreira Antunes Neto

    2008-12-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi comparar concentrações de estresse oxidativo em camundongos da linhagem Balb-C submetidos a duas condições severas de alterações orgânicas: treinamento exaustivo de natação (overreaching - grupo OVER; n = 10 e inoculação por tumor ascítico de Ehrlich (grupo TAE; n = 10. A proposta foi analisar como as duas situações comprometiam o equilíbrio entre os sistemas oxidantes e antioxidantes. Foram investigados alguns marcadores de estresse oxidativo, tais como as substâncias reativas ao ácido tiobarbitúrico (TBARS e concentrações da atividade da enzima antioxidante catalase (CAT no hemolisado. Como marcadores de lesão celular, quantificaram-se concentrações plasmáticas das enzimas creatina quinase (CK e aspartato transferase (AST; complementado; também se observaram padrões de alterações fisiológicas por meio da quantificação plasmática de creatinina e uréia. Como resultados mais importantes, pôde-se observar que, nas duas situações de limite orgânico, seja por exercício exaustivo (OVER ou pela inoculação de TAE, houve queda abrupta na concentração da enzima CAT (decréscimos de 30%; p The aim of this study was to compare oxidative stress levels in mice (Balb-C submitted to two severe organic conditions: exhaustive swimming training (overreaching - OVER group; n = 10 and inoculation of the Ehrlich's Ascitic Tumor (EAT group; n = 10. Lipid peroxidation, quantified by thiobarbituric acid reactive substances (TBARS, and levels of antioxidant enzyme (catalase- CAT were used as indicators of oxidative stress. Muscle damage levels were measured through plasma creatine kinase (CK, aspartate transaminase (AST as well as blood creatinine and urea activities samples. As main results, it has been observed that in both situations, whether by exhaustive exercise (OVER or inoculation of EAT, dramatic decrease in the catalase activity levels was present when compared with the training group (T

  14. O uso da associação azitromicina e N-metil glucamina no tratamento da leishmaniose cutânea causada por Leishmania (Leishmania amazonensis em camundongos C57BL6 The use of azythromycin and N-methyl glucamine for the treatment of cutaneous Leishmaniasis caused by Leishmania (Leishmania amazonensis in C57BL6 mice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raimunda Nonata Ribeiro Sampaio

    2009-04-01

    Full Text Available FUNDAMENTOS: O tratamento de primeira escolha da leishmaniose tegumentar americana é a N-metil-glucamina que tem alta toxicidade, exige administração parenteral e nem sempre cura. A azitromicina mostrou ação in vitro e resultado contraditório na doença humana. OBJETIVO: Verificar se a associação N-metil-glucamina+azitromicina é mais eficaz do que N-metil-glucamina no tratamento da leishmaniose experimental. MÉTODOS: 25 camundongos inoculados com a cepa C57BL/6 de L. (L. amazonensis foram divididos em dois grupos. Um foi tratado com 400mgSbV/kg/dia de N-metil-glucamina associado a 200mg/kg/dia de azitromicina durante 20 dias, e o outro com N-metil-glucamina, na mesma dose, durante o mesmo tempo. Foi feita avaliação clínica e parasitológica com análise estatística. RESULTADO: Na avaliação clínica, pesquisa de amastigotas e das culturas, não houve diferença estatística. Verificou-se, entretanto, diferença significante no resultado das culturas realizadas através de diluição limitante, que desfavoreceu a associação NMG+ azitromicina. CONCLUSÃO: A associação N-metil-glucamina e azitromicina não demonstrou mais eficácia do que o N-metil-glucamina em uso isolado.BACKGROUND: The first choice treatment for cutaneous Leishmaniasis is N-methyl glucamine: it has high toxicity, requires parenteral administration and cure is not always reached. Azythromycin showed in vitro action and controversial results in humans with the disease. OBJECTIVE: To verify if the association of N-methyl-glucamine - azythromycin is more effective than N-methyl-glucamine alone for the treatment of experimental Leishmaniasis. METHODS: Twenty-five C57BL/6 mice were inoculated with L. (L. amazonensis strain and divided into two groups. One group was treated with 400mgSbV/kg/day of N-methyl glucamine and 200mg/kg/day of azythromycin for 20 days and the other group received the same dose of N-methyl glucamine alone during the same period of time

  15. Imunofluorescência realizada em cérebros de camundongos infectados com vírus rábico - cepa CVS, em diferentes estágios de decomposição Fluorescent antibody test for detection of rabies virus in brain smears of CVS-infected mice at different stages of decomposition

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elizabeth Juliana Ghiuro Valentini

    1991-06-01

    Full Text Available O teste de imunofluorescência (IF foi avaliado na detecção de vírus rábico presente em cérebros de carcaças de camundongos infectados com vírus da cepa CVS, os quais foram conseguidos através de uma combinação de tratamentos, em que se variaram as temperaturas (4,25 e -20ºC e o tempo de armazenamento. No teste de IF realizado com impressões cerebrais de carcaças que haviam sido submetidas à temperatura de 25ºC por 12 -18 h, houve maior dificuldade de visualização imediata dos corpúsculos de inclusão, enquanto que nos materiais conservados a 4ºC por até 48 h, as inclusões foram facilmente reconhecidas. Carcaças mantidas a -20ºC mantiveram-se viáveis à identificação pela IF mesmo após terem sido armazenadas por 720 h quando foram feitas as últimas observações. Em carcaças mantidas a 25ºC por 10 h, com tratamento posterior a 4 e -20ºC, o antígeno rábico não pode ser identificado através da IF, em conseqüência da decomposição das carcaças que ocorrem, respectivamente, após 10 e 24 h. Recomenda-se, portanto, empregar o teste de IF, em caráter de rotina, no controle de qualidade da vacina contra a Raiva, no que diz respeito a prova de vírus residual (teste de verificação da inativação viral, de vez que ele permite esclarecer mortes assintomáticas ocorridas em animais inoculados com a vacina, durante o período de observação da prova (21 dias, bem como evitar a sua repetição quando essas mortes ocorrem, o que representa considerável economia de tempo.The efficiency of the fluorescent antibody (FA test in detecting rabies virus antigen in decomposed specimens was evaluated in simulated conditions of the safety test recommended for the assessment of residual virus in inactivated rabies vaccines. The CVS-infected mice were submitted to different treatments combining time and temperature in order to cause different stages of carcass decomposition and, the FA test was carried out sequentially at pre

  16. Determination of lethal doses 50 and 100 of propofol in lipid emulsion nor nanoemulsion intraperitoneally in miceDeterminação das doses letal 50 e 100 do propofol em nanoemulsão ou em emulsão lipídica pela via intraperitoneal em camundongos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Martielo Ivan Gehrcke

    2012-10-01

    Full Text Available The formulation of a drug can interfere with its absorption into the circulatory system and may result in changes in the dose required to achieve that particular effect. The aim of this study was to determine the lethal dose 50 (LD 50 and 100 (LD100 of a nanoemulsion of propofol and the lipid emulsion in mice intraperitoneally. One hundred sixty animals weighing 36.47±4.6g, which were distributed randomly into two groups: NANO and EMU who received propofol 1% in the nanoemulsion and lipid emulsion, respectively, intraperitoneally. Began with a dose of 250mg/kg (n=10 and from this isdecreased or increased the dose until achieving 0 and 100% of deaths in each group thus formed were seven subgroups in NANO (each subgroup n = 10 at doses 200, 250, 325, 350, 400, 425 and 475 mg/kg and in EMU eight subgroups (n= 10 each subset 250, 325, 350, 400, 425, 475, 525 and 575 mg/kg. In the CONTROL group (n=10 animals received saline in the largest volume used in the other groups to rule out death by the volume injected. Analysis of LD 50 and LD 100 were obtained by linear regression. The LD 50 was 320, 95 mg / kg and 4243, 51mg / kg and the LD 100 was445.99 mg / kg and 595.31 mg / kg to groups NANO and EMU, respectively. It follows that nanoemulsion is propofol in 25% more potent compared to the lipid emulsionintraperitoneally. A formulação de um fármaco pode interferir na sua absorção para o sistema circulatório, podendo resultar em alterações da dose necessária para que se consiga determinado efeito. O objetivo deste estudo foi determinar as doses letais 50 (DL 50 e 100 (DL100 do propofol em nanoemulsão e emulsão lipídica em camundongos pela via intraperitoneal. Foram utilizados 160 animais pesando 36,47 ± 4,6g, os quais foram distribuídos aleatoriamente em dois grupos: NANO e EMU que receberam propofol à 1% em nanoemulsão e em emulsão lipídica, respectivamente, pela via intraperitoneal. Iniciou-se com a dose de 250mg/kg (n=10 e a partir

  17. O modelo experimental de carcinogênese gástrica induzido por n-methyl-n-nitrosourea em ratos F344 e camundongos C3H é válido para os ratos Wistar? Experimental model of gastric carcinogenesis with N-methyl-N-nitrosourea for F344 rats and C3H mices is valid for Wistar rats?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lissandro Tarso

    2011-03-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: O N-metil-N-nitrosourea (MNU tem ação cancerígena direta, induzindo tumores em várias espécies em uma variedade de órgãos, incluindo o estômago de ratos. Tratamento do MNU na água de beber por 25-42 semanas, seletivamente, induz carcinoma gástrico glandular de ratos F344 e camundongos C3H. OBJETIVO: Estabelecer um modelo experimental para indução seletiva de câncer no estômago glandular de ratos Wistar com MNU. MÉTODOS: Um total de 48 ratos Wistar machos com oito semanas, foram utilizados no presente estudo. MNU (Sigma-Aldrich foi dissolvido em DMSO e liberada água potável ad libitum por um período variando de 16 a 70 semanas. Após 16 semanas, quatro ratos foram selecionados aleatoriamente e mortos. Depois, de seis em seis semanas, quatro animais também foram mortos até 70 semanas. RESULTADOS: A taxa de sobrevivência foi superior a 90%. Ocorreu a indução de dois adenocarcinomas, um carcinoma espinocelular e um sarcoma. A incidência de adenocarcinoma gástrico foi de 4,5% (0,5 a 15. CONCLUSÕES: O modelo experimental de carcinogênese gástrica em ratos Wistar, utilizando MNU dissolvido na água, não mostrou viabilidade prática neste estudo, devido à baixa taxa de adenocarcinoma gástrico que ocorreu.BACKGROUND: The N-methyl-N-nitrosourea (MNU is a direct acting carcinogen, inducing tumors in several species in a variety of organs, including stomach of rats. Treatment of MNU in the drinking water for 25-42 weeks selectively induced glandular gastric carcinoma in F344 rats and C3H mice. AIM: To establish an experimental model for selective MNU induction of glandular stomach cancer in Wistar rats. METHODS: A total of 48 males eight-week-old Wistar rats were used in the present study. MNU (Sigma-Aldrich was dissolved in DMSO and provided as the drinking water ad libitum for a period ranging from 16 to 70 weeks. After 16 weeks, four rats were randomly selected and killed. After every six weeks four animals

  18. Avaliação dos efeitos depressores centrais do extrato etanólico das folhas de Synadenium umbellatum Pax. e de suas frações em camundongos albinos Evaluation of the central depressor effects of the ethanolic extract of the leaves of Synadenium umbellatum Pax. and its fractions in Swiss mice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo Borges de Oliveira

    2008-09-01

    Full Text Available O Synadenium umbellatum Pax. (Euphorbiacea é uma planta nativa da África tropical conhecida como "cola-nota", "avelós", "cancerola", "milagrosa", dentre outros. A planta é utilizada pela população brasileira como detentora de propriedades antiinflamatória, analgésica, dentre outras. Foram avaliados os efeitos depressores sobre o sistema nervoso central (SNC do extrato etanólico das folhas de Synadenium umbellatum (EES e de suas frações - hexânica (FH, clorofórmica (FC e metanol/água (FM. Vários testes foram utilizados em camundongos machos albinos (Mus musculus, dentre eles, o sono induzido por barbitúrico, campo aberto e o teste do rota-rod. O EES foi testado nas doses de 25, 50 e 100 mg/kg, enquanto que a FH foi testada na dose de 10 mg/kg, a FC na dose de 20 mg/kg e a FM na dose de 25 mg/kg. O EES e as frações FH e FC, mas não a FM, apresentaram um possível efeito depressor sobre o SNC, visto que foram capazes de aumentar o tempo parado e diminuir o número de bolos fecais no campo aberto, além de potencializarem o sono induzido por barbitúrico. No teste do rota-rod, observou-se que o EES e as frações não foram capazes de causar incoordenação motora ou relaxamento muscular. Assim, conclui-se que o extrato etanólico e as frações FH e FC do Syandenium umbellatum Pax. possuem possível efeito depressor sobre o SNC.Synadenium umbellatum Pax. (Euphorbiacea is a native plant from tropical Africa known as "cola-nota", "avelós", "cancerola", "milagrosa", among others. The plant is used by Brazilian folks for having anti-inflammatory and analgesic properties, among others. It was evaluated the depressor effects over the central nervous system (CNS of the ethanolic extract of the leaves of Synadenium umbellatum (EES and its fractions - hexane (HF, chloroformic (CF and methanol/water fractions(MF. Several tests were used in Swiss mice (Mus musculus, among them, barbiturate-induced sleep, open field and rota-rod test. The

  19. Histological and morphometric investigations of changes induced by the RAL strain of Trypanosoma cruzi in the mouse placenta Investigações histológicas e morfométricas das alterações da placenta do camundongo causadas pela cepa RAL de Trypanosoma cruzi

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Amélia Carraro Abrahão

    2003-06-01

    Full Text Available Pregnant Swiss mice (Mus musculus were inoculated intraperitoneally with 2 x 10(5 trypomastigotes of the RAL strain of Trypanosoma cruzi on the 7th day of pregnancy and sacrificed on the 19th day of pregnancy. The placenta was sectioned for the assessment of histological and morphometric changes. The RAL strain showed intense tropism for the placenta, with parasitism reaching the three placental layers. There was involvement of the maternal and fetal portions of the placentas, and also of giant cells and spongioblasts. The placentas of infected animals presented sparse areas of degeneration and necrosis, with mild dystrophic calcification of the decidua. The inflammatory process consisted of plasmocytes and lymphocytes, revealing involvement of the decidua. Cytometric study of giant trophoblastic cells showed that the placentas of the infected group were seriously affected, also with respect to cell volume. The changes provoked by the RAL strain in the trophoblastic cells and the difference in behavior observed in the cell population of the various placental regions may affect intrauterine development, probably by a deficient production of hormones such as placental lactogen, which acts as a fetal growth hormone, or indirectly by deficient tissue invasion caused by inefficient utero-placental vascularization, thus impairing fetal nutrition.Camundongos suíços prenhes(Mus musculusforam inoculados, intraperitonealmente, com 2 x 10(5 tripomastigotas da cepa RAL de Trypanosoma cruzino 7º dia da prenhez e sacrificados no 19º dia da prenhez. Foram realizados cortes histológicos para avaliar as alterações histológicas e morfométricas das placentas. A cepa RAL mostrou intenso tropismo pela placenta, com parasitismo atingindo as três camadas placentárias. Houve envolvimento da parte materna e fetal das placentas, bem como das células gigantes e dos espongioblastos. As placentas dos animais infectados apresentaram escassas áreas de degenera

  20. Análise Histopatológica do Fígado, Estômago e Intestinos de Camundongos Submetidos ao Consumo Agudo de Etanol/Histopathological analysis of the liver, stomach and intestines of mice undergoing acute ethanol exposure

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hugo Ribeiro Bellato

    2015-06-01

    Full Text Available Objetivo: O presente estudo teve como objetivo analisar o efeito da administração aguda de etanol 50% sobre a histopatologia do trato gastrointestinal (TGI através do estômago, fígado e intestinos de camundongos. Materiais e métodos: 8 animais da linhagem C57BL/6, foram divididos da seguinte maneira: O grupo 1- controle (n=4, recebeu 0,2 mL de salina fisiológica, por dia, durante 4 dias consecutivos por gavagem. O grupo 2- experimental (n=4, recebeu 0,2mL de etanol 50%(v/v, nas mesmas circunstancias e condições do grupo 1. No 5º dia os animais foram submetidos à eutanásia por deslocamento cervical. Em seguida, foi realizada uma laparotomia e foram coletados estômago, lobo esquerdo do fígado e intestinos delgado e grosso, os quais foram manipulados a fim de expor a mucosa e receberam tratamento histológico para análise. Resultados: O tratamento com etanol produziu hiperemia em alguns vasos de 25% dos fígados analisados quando comparados com o grupo controle. Da mesma forma, o referido tratamento produziu lesão ulcerada superficial com hiperemia, hemorragia e resquícios de material necrótico em 25% dos estômagos analisados, e úlcera mais profunda na parece gástrica, com infiltrado linfocitário em outros 25% dos estômagos analisados em comparação com o grupo controle. Por outro lado, o tratamento com etanol não foi capaz de produzir alterações nos intestinos delgado e grosso, quando comparado ao grupo controle. Conclusão: O consumo de etanol em caráter agudo foi capaz de causar lesão em fígado e estômagos dos animais do grupo experimental, elucidando aspectos negativos do consumo em excesso dessa substância. Objective: This study aimed to analyze the effect of acute exposure of ethanol 50% on the histopathology of gastrointestinal (GI tract through the examination of the stomach, liver and intestines of mice. Materials and Methods: 8 C57BL / 6 mice were divided as follows: Group 1-control group (n = 4 received 0

  1. Resposta inflamatória causada pelas frações do adesivo de gelatina-resorcina e formaldeído (Colagel® em camundongos Inflammatory reaction caused by the fractions of the adhesive composed of gelatin resorcine and formaldehyde (Colagel ® in mice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andressa Gianotti Campos

    2000-10-01

    Full Text Available Diante de relatos de intensa reação inflamatória após a aplicação cirúrgica do adesivo biológico COLAGEL® ª em tecidos orgânicos, realizou-se a aplicação isolada das frações do adesivo (gelatina-resorcina, formaldeído, cola polimerizada no local e cola polimerizada imediatamente antes da aplicação em grupos distintos de camundongos, com o objetivo de identificar a fração responsável por tal processo. Através da avaliação dos cortes histológicos, notou-se que os grupos que receberam apenas o formaldeído e a cola polimerizada in situ foram dotados de alto grau de infiltrado inflamatório, com dissociação de fibras musculares e necrose tecidual. O grupo que recebeu apenas a gelatina-resorcina revelou discreta infiltração polimorfonuclear, o mesmo ocorrendo com o uso da cola previamente polimerizada, o que permitiu concluir que a fração do COLAGEL® responsável pela grande reação inflamatória foi o polimerizante formaldeído, e que o modo mais conveniente de utilização do produto seria sua prévia polimerização.The use of glue for biological purposes has been under study for a long time, an example is the adhesive composed of gelatin-resorcine and formaldehyde (COLAGEL®. The inflammatory reaction produced by the application of the adhesive on organic tissues encouraged the search for the component of the glue responsible for this reaction. Thus, the application of several fractions of the referred adhesive (gelatin-resorcine, formaldehyde, polymerized glue in situ and polymerized glue before the application was accomplished in different groups of mice in the following periods: 2, 10, 30 and 60 days after surgery. Through the evaluation of histological sections, it was observed that all the groups presented, with different degrees of intensity, inflammatory polimorfonuclear infiltrate with a predominance of neutrophils. The group which received only the formaldehyde was the one that expressed a greater tissue

  2. Diazepam, em dose única, inibe a migração celular, a estimulação macrofágica e a atividade de TNF-α na reação inflamatória aguda induzida por LPS em camundongos Diazepam, in a single dose, inhibits cellular chemotaxis, macrophage stimulation, and TNF-α activity in LPS-induced acute inflammatory responses in mice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diana Amaral Monteiro

    2008-12-01

    Full Text Available Os benzodiazepínicos estão entre as drogas mais freqüentemente prescritas em razão de suas propriedades ansiolíticas. O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência do diazepam sobre a resposta inflamatória peritoneal aguda induzida por lipopolissacarídeo. Para tanto, camundongos Swiss foram tratados com diazepam (1 ou 10 mg/kg de peso, em dose única, por via subcutânea, uma hora antes do desafio intraperitoneal com lipopolissacarídeo bacteriano. Após 16 horas do desafio, os animais foram sacrificados, coletando-se os lavados peritoneais para determinação do número total de células e das subpopulações de mononucleares e polimorfonucleares, além da atividade de TNF-α e da porcentagem de macrófagos espraiados. Observou-se que o tratamento com diazepam, nas doses de 1 ou 10 mg/kg, reduziu significativamente a porcentagem de macrófagos estimulados por LPS e a liberação de TNF-α independente de estímulo. Houve também significativa redução da migração de leucócitos nos animais estimulados com LPS e tratados com 10 mg/kg de diazepam em relação aqueles não tratados. Concluímos que a administração do diazepam, em dose única, pode influenciar significativamente o influxo celular, a estimulação de macrófagos e a atividade de TNF-α na resposta inflamatória aguda induzida por LPS em camundongos, com possíveis implicações na eficiência da resposta anti-infecciosa.Benzodiazepines are one of the most frequently prescribed drugs due to their anxiolytic properties. The aim of this study was to evaluate the effects of diazepam on lipopolysaccharide-induced peritoneal acute inflammatory responses. Swiss mice were treated with diazepam in a single dose of 1 or 10 mg/kg- subcutaneously 1 h before an intraperitoneal injection of lipopolysaccharide or sterile saline solution. The mice were killed 16 h after and the cells were washed from the peritoneal cavity to determine the total number of cells and the mononuclear

  3. Capacidade da matriz extracelular da medula óssea de induzir proliferação de células mielóides in vitro no modelo de desnutrição protéica em camundongos Capacity of the extracellular matrix of the bone marrow to induce proliferation of myeloid cells in vitro in model of protein malnutrition in mice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cidônia de Lourdes Vituri

    2008-09-01

    Full Text Available Este trabalho tem por objetivo verificar se a matriz extracelular (MEC obtida da medula óssea de camundongos com desnutrição protéica energética sustenta a sobrevivência, se induz proliferação de células mielóides, bem como avaliar a capacidade desta MEC de interagir com citocinas hematopoiéticas in vitro. Camundongos machos "Swiss" foram submetidos à desnutrição protéica (4% de caseína até que perdessem 20% do peso inicial e o grupo-controle foi mantido com uma dieta contendo 14% de caseína. A medula óssea foi extraída com tampão PBS suplementado com 1 mg de aprotinina/mL. Os ensaios de proliferação foram realizados com a linhagem mielóide FDC-P1, pelo método colorimétrico de redução do MTT. A MEC obtida tanto do grupo-controle como do desnutrido induziu proliferação celular in vitro. Os ensaios de interação foram realizados com IL-3 e GM-CSF na concentração de 10 ρg e 500 ρg/mL, que demonstraram efeito sinérgico e efeito regulatório, respectivamente. A MEC obtida de animais do grupo desnutrido quando submetida ao ensaio de ligação ao GM-CSF mostrou maior proliferação celular do que a MEC obtida de animais do grupo-controle (pThe aim of this study was to verify the capacity of the extracellular matrix (ECM obtained from bone marrow of malnourished mice to sustain survival and to induce the proliferation of myeloid cells. We also verified the capacity of the tests to interact with in vitro hematopoietic cytokines. Male "Swiss" mice were submitted to protein malnutrition with a diet content of '4% casein until they lost 20% of the original weight, while the group-control was kept with a diet content of 14% of casein. The bone marrow was extracted with 1.0 mg of aprotinin/mL in PBS. The proliferation tests were carried out with myeloid cell line FDCP-1, by the colorimetric method of reduction of the MTT. The obtained ECM from nourished and undernourished mice induced cellular proliferation invitro. Tests

  4. Produção de fator de necrose tumoral-alfa e peróxido de hidrogênio na infecção pelo Trypanosoma cruzi em camundongos submetidos ao exercício - DOI: 10.4025/actascihealthsci.v32i1.6757 Production of tumoral necrosis factor-alpha and hydrogen peroxide during Trypanosoma cruzi infection in mice submitted to exercise - DOI: 10.4025/actascihealthsci.v32i1.6757

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia Machado de Oliveira Dalálio

    2009-12-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo determinar os níveis de fator de necrose tumoral alfa (TNF-alfa sérico e produção de peróxido de hidrogênio (H2O2 por macrófagos peritoneais em camundongos experimentalmente infectados pelo Trypanosoma cruzi e submetidos ao treinamento físico realizado antes da infecção ou ao exercício físico durante o período de infecção. Foram utilizados camundongos BALB/c fêmeas com 30 dias de idade, inoculados com 1.400 tripomastígotas sanguíneos da cepa Y. O exercício físico consistia em atividade de intensidade moderada em esteira rolante. As dosagens foram realizadas com material coletado no 13º dia de infecção. Para a dosagem de TNF-alfa, foi utilizada a técnica de ELISA de captura. A produção de H2O>sub>2 foi expressa por coloração produzida após a incubação de macrófagos peritoneais com peroxidase e a leitura realizada em aparelho de ELISA. Não foram encontradas diferenças significativas nas concentrações de TNF-alfa e produção de H2O2 entre os grupos infectados. O treinamento físico realizado antes da infecção e o exercício físico realizado após a infecção não foram capazes de alterar significativamente os níveis de TNF-alfa e a produção de H2O2 na infecção pelo T. cruzi.This study aimed to determine the levels of seric tumor necrosis factor-alpha (TNF-alpha and production of hydrogen peroxide (H2O2 by peritoneal macrophages in mice experimentally infected with T. cruzi and submitted to pre-infection exercise training and to post-infection acute exercise. Female 30-day-old BALB/c mice were inoculated with 1,400 blood trypomastigotes of Y-strain T. cruzi. Exercise programs consisted in moderate-intensity activity and were carried out in a treadmill. The measurements were performed with material collected at the 13th day after infection Serum TNF-alpha was evaluated using capture ELISA. H2O2 production was expressed by coloration produced after incubation of peritoneal

  5. Cross-suppression of specific immune responses after oral tolerance

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nelson M. Vaz

    1981-03-01

    Full Text Available Adult normal inbred mice rendered tolerant to OVA by previous oral exposure do not respond to intraperitonela immunization with DNP-OVA in adjuvant. These tolerant mice also form less DNP-specific antibodies to DNP-KLH when immunized with mixtures of DNP-KLH and DNP-OVA, or less HGG-specific antibodies when immunized with cross-linked conjugates of OVA and HGG. These same procedures increased DNP-specific or HGG-specific responses in non-tolerant control mice. The cross-supperssion was ineffective, however, to inhibit already ongoing antibody responses.Camundongos adultos normais tornados imunologicamente tolerantes a ovoalbumina (OVA por exposição oral não formam anticorpos antidinitrofenil (anti-DNP quando imunizados com DNP-OVA, mas respondem normalmente à DNP-hemocianina (DNO-KLH. Entretanto, a adição de DNP-OVA à injeção de DNP-KLH reduz a formação de anticorpos anti-DNP em animais tolerantes a OVA, mas não em animais normais. Similarmente animais tolerantes à OVA formam menos anticorpos antiglobulina humana (HGG quando imunizados com agregados (por glutaraldeído de OVA e HGG. A tolerância oral e, portanto, capaz de inibir a indução de respostas imunes por um esquema de supressão-cruzada. Esse esquema, no entanto, não foi capaz de inibir respostas imunes já iniciadas.

  6. Liver morphology with emphasis on bile ducts changes and survival analysis in mice submitted to multiple Schistosoma mansoni infections and chemotherapy Alterações morfológicas hepáticas, com especial ênfase nas alterações dos ductos biliares e an��lise de sobrevivência em camundongos submetidos a infecções múltiplas por S. mansoni e a quimioterapia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L. C. da Silva

    1990-10-01

    Full Text Available In an attempt to be as close as possible to the infected and treated patients of the endemic areas of schistosomiasis (S. mansoni and in order to achieve a long period of follow-up, mice were repeatedly infected with a low number of cercariae. Survival data and histological variables such as schistosomal granuloma, portal changes, hepatocellular necrosis, hepatocellular regeneration, schistosomotic pigment, periductal fibrosis and chiefly bile ducts changes were analysed in the infected treated and non treated mice. Oxamniquine chemotherapy in repeatedly infected mice prolonged survival significantly when compared to non-treated animals (chi-square 9.24, p = 0.0024, thus confirming previous results with a similar experimental model but with a shorter term follow-up. Furthermore, mortality decreased rapidly after treatment suggesting an abrupt reduction in the severity of hepatic lesions. A morphological and immunohistochemical study of the liver was carried out. Portal fibrosis, with a pattern resembling human Symmers fibrosis was present at a late phase in the infected animals. Bile duct lesions were quite close to those described in human Mansonian schistosomiasis. Schistosomal antigen was observed in one isolated altered bile duct cell. The pathogenesis of the bile duct changes and its relation to the parasite infection and/or their antigens are discussed.Numa tentativa de estar o mais próximo possível a pacientes infectados e tratados nas áreas endêmicas de esquistosomose (S. mansoni e também para obter um período mais longo de seguimento, camundongos foram repetidamente infectados com um número baixo de cercarias. Dados de sobrevivência e variáveis histológicas tais como granuloma esquistosomótico, alterações portais, necrose hepatocelular, regeneração hepática, pigmento esquistosomótico, fi-brose periductal e principalmente, alterações dos ductos biliares foram analisados nos animais infectados tratados e não tratados

  7. Produção e caracterização de anticorpos monoclonais contra toxina épsilon de Clostridium perfringens Tipo D Production and characterization of monoclonal antibodies against Clostridium perfringens Type D epsilon toxin

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Theonys Diógenes Freitas

    2009-02-01

    Full Text Available Clostridium perfringens tipo D é o agente etiológico da enterotoxemia em ruminantes, causada pela toxina épsilon e caracterizada por edema cardíaco, pulmonar, renal e cerebral. Anticorpos monoclonais contra toxina épsilon de C. perfringens tipo D foram produzidos a partir da fusão da linhagen de mieloma P3-X63-Ag8 653 com células do baço de camundongos Balb/c imunizados com o toxóide épsilon. Seis linhagens de híbridos secretores de anticorpos monoclonais das classes e IgM e IgG foram estabelecidas.Clostridium perfringens type D is the aetiological agent of enterotoxemia in ruminants. The disease is caused by epsilon toxin characterized by cardiac, pulmonary, kidney and brain edema. Monoclonal antibodies were produced by using myeloma cell line P3-X63-Ag8 653 fused with spleen cells from Balb/c mice, immunized with epsilon toxoid of C. perfringens type D. Six hybrids were established secreting monoclonal antibodies of the IgM class and IgG3 subclass.

  8. Macrorhabdus ornithogaster in ostrich, rhea, canary, zebra finch, free range chicken, turkey, guinea-fowl, columbina pigeon, toucan, chuckar partridge and experimental infection in chicken, japanese quail and mice Macrorhabdus ornithogaster em avestruzes, ema, canário, mandarim, galinha, peru, galinha da Angola, pombo doméstico, rolinha, tucano, perdiz de chuckar e infecção experimental em galinha, codorna e camundongo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    N.R.S. Martins

    2006-06-01

    ornithogaster (megabacteria foram diagnosticados no Setor de Doenças das Aves (Escola de Veterinária da UFMG. A doença clínica foi caracterizada por emagrecimento, prostração, perda do apetite, caquexia e morte, em curso crônico, embora com forma mais aguda em canários e periquitos. O microrganismo grande, em forma de bastão, visível a partir de 100 aumentos sem e com coloração, pode também ser detectado em aves de aspecto clínico normal, principalmente galinhas, perus, codornas e pombos. Em emas (Rhea, avestruzes (Struthio camelus, canários, mandarins, galinhas da Angola (Numida meleagris e periquitos Australianos (Melopsittacus undulatus, a severidade da doença foi sempre maior, ocasionando até 100% de mortalidade em alguns plantéis. Na maioria das espécies a doença foi detectada em aves com endo e/ou ectoparasitismo. O cultivo de M. ornithogaster foi obtido em meio sólido (ágar para fungos patogênicos e subcultivado em meio líquido (thioglicolato, do proventriculo de galinha, galinha da Angola, perdiz de chuckar e canário. O resultado mais surpreendente na microscopia de M. ornithogaster foi a presença de motilidade, detectada tanto de cultivos in vitro quanto de preparações úmidas de in vivo. Diferenças nos aspectos das colônias foram notadas entre os isolados. Infecções experimentais em galinha (SPF e codorna japonesa permitiram a detecção do organismo nos proventrículos das aves de aspecto normal. Nas codornas, à necropsia notaram-se hemorragias hepáticas. A infecção experimental em camundongos via intraperitoneal resultou em 100% de mortalidade, também com lesões hepáticas. Aspectos do cultivo, a importância da doença, as espécies de aves susceptíveis e seu papel na epidemiologia são discutidos.

  9. Immunogenicity and allergenicity of 2S, 7S and 11S soy protein fractions Imunogenicidade e alergenicidade das frações protéicas 2S, 7S and 11S da soja

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alvorita Leite Bittencourt

    2007-12-01

    imunizar camundongos BALB/c e avaliar sua imunogenicidade pela produção de anticorpos IgM e IgG por ELISA. A alergenicidade dessas frações foi avaliada de acordo com os seguintes procedimentos: i produção de anticorpos IgE contra as três frações protéicas por camundongos BALBc pelo teste de anafilaxia cutânea passiva (PCA e ii produção de anticorpos IgG1 contra a fração 7S em camundongos BALB/c por ELISA. As frações 7S e 11S induziram a formação de anticorpos IgM e IgG. O teste de PCA mostrou que somente a fração 7S foi alergênica pela produção de anticorpos IgE. A fração protéica 7S induziu a formação de anticorpos IgG1 em camundongos imunizados com essa fração. Nosso estudo mostra que a fração protéica 7S da soja é importante para desencadear reações alérgicas em camundongos e pode contribuir para esclarecer a alergenicidade dos produtos derivados da soja.

  10. Carcinogenese quimica por DMBA (7,12-dimethylbenzanthracene em camundongos femeas BALB/c: novos fatos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Krishna Duro de Oliveira

    2015-06-01

    Full Text Available Polycyclic aromatic hydrocarbons are known carcinogens used in rodent experimental models. In this study, the carcinogen DMBA (7,12-dimethylbenzanthracene was administered by gavage, diluted in corn oil, to female BALB / c mice at hebdomadary doses of 1 mg per animal for 1, 3, 6 or 9 weeks. Animals were weighed and monitored weekly until death. Remaining animals were euthanized at the age of 53 weeks. At necropsy, representative fragments of neoplasms were collected and routinely processed for histopathological analysis. Of all mice that received DMBA, 68.57% developed some type of tumor. Of the 70 mice treated with various doses of DMBA, 22 (31.43% developed mammary tumors. The adenoacanthoma was the most commonly (18.75% diagnosed histological type of breast cancer. Lung (15.71%, lymphoid tissue (11.43%, stomach (7.14% and skin (2.86% were also primary sites of tumor development. One third (33.33% of the mice receiving 1 mg of DMBA developed lung cancer. Therefore, the administration of DMBA was shown to be an efficient model of carcinogenesis in mice, especially for the study of breast cancer, when using the highest dose, and lung, when using the lowest dose. Carcinogenesis models have been used for several purposes in cancer research. These results represent new facts for a classic carcinogenesis model.

  11. Efeito do fluor sobre a matriz organica do esmalte dentario de camundongos

    OpenAIRE

    Luciana Souto Mofatto

    2010-01-01

    Resumo: A fluorose dentária é caracterizada por manchas no esmalte dentário devido a hipomineralização causada pela ingestão crônica de flúor durante o desenvolvimento dos dentes. O flúor parece interferir diretamente na formação da matriz do esmalte dentário. Estudos demonstraram que a matriz orgânica do esmalte dentário na fase secretória é birrefringente quando analisada em microscopia de luz polarizada, demonstrando que esta matriz possui uma ordenação supramolecular e que alterações gené...

  12. Humoral immune response in capuchin monkeys (Cebus apella after vaccination with inactivated suckling mouse brain rabies vaccine: comparison of two schedules of immunization

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Estevão de Camargo Passos

    2005-02-01

    Full Text Available Foram vacinados contra a raiva, dois grupos de macacos-pregos adultos, com a vacina inativada preparada em cérebros de camundongos lactentes, administrada pela via intramuscular, na Fundação Parque Zoológico de São Paulo. Os animais em momento algum haviam sido imunizados contra a raiva. O grupo I consistia de nove animais, que receberam três doses de 1,0 mL nos dias 0, 30 e uma dose de reforço aos 210 dias, e o grupo II continha 10 animais que receberam duas doses de 1,0 mL no dia 0 e uma dose de reforço aos 210 dias. As amostras de sangue foram colhidas aos 0, 30º, 60º, 90º, 150º, 210º, 240º, 300º e 365º dias, e os anticorpos neutralizantes titulados pela técnica simplificada da inibição de focos fluorescentes. A vacina induziu uma resposta imune de curta duração com títulos de anticorpos neutralizantes acima de 0.5 UI/mL em ambos os grupos; entretanto a resposta imune persistiu por apenas 54,9 + 57,0 e 36,1 + 60,2 dias nos Grupos I e II respectivamente após a primo vacinação, e, por apenas 62,6 + 74,0 e 86,4 + 61,5 dias nos Grupos I e II respectivamente após o reforço. Não houve diferença estatística significante entre os grupos estudados (p >; 0,05.

  13. Efeito de bioterápico na eosinofilia durante a SLMV experimental

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Camillo

    2014-09-01

    Full Text Available O Toxocara canis (Tc é um parasito pertencente ao filo Nematódeo que possui como hospedeiro definitivo os cães, O homem é hospedeiro paratênico e contamina-se acidentalmente ao ingerir ovos contendo larvas infectantes (L3 do parasito, as quais são liberadas e atravessam a mucosa intestinal, atingem a circulação, Durante este processo migratório, antígenos de excreção e secreção (TES são liberados provocando intensa reação inflamatória, do tipo Th2, caracterizando a síndrome, denominada Larva Migrans Visceral (SLMV, As principais características desta doença crônica são as eosinofilias sanguínea e tecidual persistentes, Desse modo, torna-se importante a busca por terapias que contribuam com a redução dos quadros inflamatórios com intensa eosinofilia, Assim, o uso deste bioterápico, produzido a partir do extrato antigênico de ovos e larvas de (Tc, e seu efeito no recrutamento de leucócitos totais, células mononucleares e eosinófilos no sangue, para o espaço broncoalveolar e para a cavidade peritoneal de camundongos infectados pelo (Tc foi investigado, Foram utilizados camundongos fêmeas (Swiss, divididos nos grupos: Controle (C, Infectado (Tc, Imunizado (Im+Tc e Tratado (Tc+Bio, Os animais Tc, Im+Tc e Tc+Bio receberam 500 ovos/animal por gavagem, Posteriormente, os animais foram eutanasiados no 18º dia da infecção e o número das células nos compartimentos foi determinado, Os resultados obtidos demonstraram que, Im+Tc, assim como nos Tc+Bio tiveram redução significativa dessas células nos compartimentos analisados quando comparados grupo Tc, Assim, sugeriu-se que a bioterapia modulou negativamente o recrutamento de células inflamatórias, principalmente eosinófilos no sangue, pulmão e intestino demonstrando um potencial anti-inflamatório desse bioterápico na SLMV experimental.

  14. Estudo dos efeitos farmacológicos e comportamentais do óleo essencial da Coriandrum sativum L. em camundongos

    OpenAIRE

    Baziloni, Eliane Maria de Freitas [UNIFESP

    2009-01-01

    A Corianddrum sativum L. é uma herbácea ereta, anual, ramificada, nativa da região Mediterrânea (Europa meridional e Oriente Médio). Seu odor é devido a presença do coriandrol ou d-Linalol. Usado na medicina popular há mais de 3000 anos, é indicado como carminativo (alguns óleos produzem certa anestesia e relaxamento da cárdia e consequentemente a expulsão do ar do trato gastrointestinal), estimulante das atividades gástrica e hepática, anti-helmíntico, antiinflamatório e ingerido como chá ou...

  15. Efeito do fluor na organização supramolecular da matriz organica do esmalte dentario em camundongos

    OpenAIRE

    Marcos Roberto dos Santos Frozoni

    2008-01-01

    Resumo: A biossíntese do esmalte dentário inicia-se pela secreção, processamento proteolítico e auto-agregação de uma complexa mistura de proteínas, sintetizadas pelos ameloblastos, conhecida como matriz orgânica do esmalte. A formaçãodesta matriz ocorre em três estágios: secreção (inicial), transição e maturação e parece ser fundamental para o controle da orientação e morfologia dos cristais de hidroxiapatita, que constituem a fase mineral do esmalte em desenvolvimento. Noestágio de secreção...

  16. Trypanosoma (Herpetosoma rangeli Tejera, 1920: nota prévia sobre a histopatologia em camundongos infectados experimentalmente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cecilia de Scorza

    1986-10-01

    Full Text Available Ratones machos (cepa NMRI de 3 y 5 gr, inoculados i.p. con 8 x 10(6 y 9 x 10(4 metatripo- mastigotes/gr cosechados de cultivo LIT de 12 días de repique de la cepa "Perro-82" de Trypanosoma rangeli fueron procesados, em determinados períodos postinoculación, para seccionar y teñir con hematoxilina-eosina y Giemsa-colofonio trozos de corozón, hígado, bazo, pulmones, fémur, riñon, intestino, estómago, cerebro, cerebelo, esternón y columna vertebral. Se detallan los resultados preliminares sobre la histopatologia provocada por el T. rangeli en los cinco primeros órganos citados. Los tejidos conjuntivos subcutáneo, periosteal, intersticial y peribronquial, así como las miocélulas del corazón fueron altamente parasitados por amastigotes y tripomastigotes. Se discuten las posibles razones de la disminución del parasitismo tisular cuando la parasitemia se encontró en sus niveles máximos, así como la escasa inflamación obtenida en los tejidos parasitados. Las observaciones de varios autores sobre el comportamiento del protozoario en humanos y en animales de laboratorio así como los resultados descritos en este trabajo, plantean la posibilidad de que determinadas cepas de T. rangeli, en condiciones particulares, podrían causar alteraciones patológicas en el mamífero.

  17. Transmissão oral do Trypanosoma cruzi pela polpa de açaí em camundongos

    OpenAIRE

    Rodrigo Labello Barbosa

    2009-01-01

    Resumo: Em virtude de seu alto grau de impacto socioeconômico, a doença de Chagas está entre as mais importantes doenças parasitárias das Américas Central e do Sul. Entre as vias de transmissão, a forma oral tem contribuído para o surgimento de novos casos e se dá principalmente pela ingestão de formas tripomastigotas metacíclicas de Trypanosoma cruzi presentes em diferentes alimentos. A polpa de açaí possui excelentes propriedades nutricionais e é muito consumida em todo o Brasil e no exteri...

  18. AVALIAÇÃO DA TOXICIDADE AGUDA DO EXTRATO HEXÂNICO DE FRUTOS DE Melia azedarach (MELIACEAE EM CAMUNDONGOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hélio Bernardes Pires Júnior

    2012-12-01

    Full Text Available This study was developed aiming to evaluate the acute effects of Melia azedarach hexanic fruit extract on mice. Two treated groups, one for each dose, 300 mg/kg and 2000 mg/kg, were prepared. For each treatment group, a non-treated control group was used. All groups were composed of six animals, three of each sex. The animals were evaluated at 30 min., 1h, 2h, 4h, 6h, 12h and 24h and then daily, for 14 days after treatment, following the Hippocratic screening. At each three days weight gain and ration consumption were evaluated. Macroscopic and microscopic alterations were evaluated in the heart, kidneys, lungs, liver, spleen, intestine and brain. No alteration in the Hippocratic screening in both doses, during the 14-days interval, was observed. The mice treated with the 2000 mg/kg doses consumed fewer rations than the animals of the control group; however, weight gain was statistically similar. No statistic difference was observed between the weight of the organs, and they had no macroscopic alterations. No histopathologic alterations were found on the examined organs, for both doses, except for lung alterations such as hyperaemia, haemorrage and edema in both treated and control groups. Based on the results obtained, we conclude that the hexanic extract of M. azedarach green fruits had no acute effects against Swiss mice.

  19. Estudo dos efeitos da peçonha de Bothrops insularis (Jararaca ilhoa) sobre o musculo de camundongo e pintainho

    OpenAIRE

    Jose Carlos Cogo

    1991-01-01

    Resumo: A peçonha da Bothrops insularis (jararaca-ilhôa) foi estudada em aves in vitro (toxicidade e estudo morfológico) e in vitro (estudo miográfico, eletrofisiológico e morfológico acompanhado de dosagem de CK), comparando seus efeitos com aqueles da peçonha Bothrops jararaca. Os resultados obtidos levam às seguintes conclusões: 1) A toxicidade da peçonha Bothrops insularis é superior à da peçonha de Bothrops jararaca cerca de 5 vezes, mostrando-se as aves muito mais sensíveis à peçonha d...

  20. Estudo morfológico da sínfise púbica de ratos e camundongos durante a gravidez

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flávia da Ré Guerra

    2011-10-01

    Full Text Available The objective of this study was to assess the existing differences in the pubic symphysis of female rats and mice, pregnant and non pregnant, describing the morphological alterations occurred in the joint and understanding the movements shown during pregnancy. The pubic symphysis were collected from female pregnant mice on the 6th, 12th and 18th days of pregnancy, and from rats with 18 days of pregnancy. They were fixed in paraformoldehyde and following decalcificated with Morse's solution. The samples were then, included in paraffin. Seven micrometers slices were made and stained with Picrosirius and Resorcin-Fuchsin. The Picrosirius staining had shown, in virgin female mice, the presence of thick collagen fibers different from the other groups of mice, which presented thin fibers. The analysis of elastic fibers showed that, with the progress of pregnancy there is an increase in their thickness and number. In rats with 18 days of pregnancy, an appearance of fibrous conjunctive tissue on the hyaline cartilage disc was observed, enlarging the inter-pubic space and modifying the synchondrosis structure found in the virgin animals. It was also observed an increase in diameter and amount of elastic fibers comparing to virgin rats. We conclude that the pregnant female mice's joint undergoes transformations in structure, quality and amount during the pregnancy. In pregnant rats, besides the increase of elastic fibers and the distance between the hip's bone, the joint had differred by the appearance of fibrous conjunctive tissue, thus making the birth easier.

  1. ATIVIDADE HIPOLIPIDÊMICA DO DISSELENETO DE DIFENILA NA HIPERLIPIDEMIA INDUZIDA POR TRITON WR-1339 EM CAMUNDONGOS

    OpenAIRE

    Juliana Trevisan da Rocha

    2009-01-01

    Nos mamíferos, o fígado desempenha um papel extremamente importante na manutenção da homeostase do metabolismo dos lipídios plasmáticos. Entretanto, problemas na regulação desses mecanismos têm sido implicados na ocorrência de dislipidemias (alterações na concentração adequada de lipídios no plasma). Nos últimos anos, tem sido evidenciada a existência de uma relação entre os níveis de selênio (Se) e o aumento nas concentrações plasmáticas de lipídios em humanos e animais. Dessa forma, o prese...

  2. Efeito da quercetina nas atividades fosfatasicas e seu efeito protetor na hepatotoxicidade induzida pelo acetaminofeno em camundongos

    OpenAIRE

    Camila de Andrade Camargo

    2007-01-01

    Resumo: Os flavonóides são fitocompostos polifenólicos, caracterizados quimicamente como heterosídeos flavônicos. Apresentam diversas atividades biológicas devido às suas propriedades antioxidantes e habilidades em modular a atividade de diversas enzimas ou receptores celulares, tornando-os responsáveis pelo efeito protetor contra doenças relacionadas ao sistema cardiovascular; certas formas de câncer e doenças de fotossensibilidade e envelhecimento. As fosfatases ácidas, enzimas que hidrolis...

  3. Monoclonal antibodies against an outer membrane protein from pathogenic Leptospira Anticorpos monoclonais contra uma proteína de membrana externa de Leptospiras patogênicas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Charli Beatriz Lüdtke

    2003-11-01

    Full Text Available Two hybridomas secreting monoclonal antibodies (MAbs that react with a lipoprotein (LipL32 of the outer membrane of pathogenic Leptospira were obtained. For hybridoma production, spleen cells from BALB/c mice imunized with recombinant LipL32 (rLipL32 were fused to SP2/O-Ag14 cells, selected in HAT medium and screened in an indirect ELISA. One MAb produced was of the IgG2b isotype and the other was an IgM. MAbs specificity was confirmed by indirect ELISA and immunoblotting using purified rLipL32 and whole-cell antigen preparations from Escherichia coli (E. coli expressing LipL32 and from pathogenic and non-pathogenic serovars. Both Mabs reacted with most of the pathogenic serovars tested and none reacted with non-pathogenic Leptospira. The MAbs described have potential for use in diagnostic tests for leptospirosis.Foram obtidos dois hibridomas secretores de anticorpos monoclonais (MAbs que reagem com uma lipoproteína (LipL32 da membrana externa de leptospiras patogênicas. Para a produção dos hibridomas, células do baço de camundongos BALB/c, imunizados com LipL32 recombinante (rLipL32, foram fusionadas com células SP2/O-Ag14, selecionadas em meio HAT e testadas em ELISA indireto. Um dos MAbs secretados pelos hibridomas é do isotipo IgG2b e o outro do isotipo IgM. A especificidade dos MAbs foi confirmada em ELISA indireto e immunoblotting usando rLipL32 purificada, Escherichia coli (E. coli expressando LipL32 e sorovares patogênicos e saprófitas. Os dois MAbs reagiram com a maioria dos sorovares patogênicos e não reagiram com sorovares saprófitas. Os MAbs possuem potencial para uso em testes de diagnóstico de leptospirose.

  4. Imunogenicidade de proteínas do capsídeo do Cowpea severe mosaic virus (CPSMV Capsid protein immunogenicity of Cowpea severe mosaic virus (CPSMV

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Evando Aguiar Beserra Júnior

    2009-02-01

    Full Text Available A análise SDS-PAGE do Cowpea severe mosaic virus (CPSMV purificado revelou a migração de três frações protéicas estimadas em 43, 23 e 21 kDa, correspondentes às proteínas do capsídeo: denominadas proteína maior (43 kDa e menor (23 kDa; intacta e 21 kDa; clivada. As proteínas do capsídeo, na sua forma nativa, foram utilizadas na imunização de camundongos pelas vias oral e nasal, durante 10 dias consecutivos. As frações protéicas de 43 e 23 kDa, em sua forma desnaturada, foram utilizadas para imunização subcutânea. A resposta imunológica da mucosa foi avaliada pela proliferação celular das placas de Peyer de camundongos imunizados pela via oral com o CPSMV purificado. Ficou demonstrado que o CPSMV induz resposta imunológica, evidenciada pela síntese de anticorpos séricos, quando administrado na sua forma nativa pelas vias oral e nasal ou através de suas proteínas do capsídeo desnaturadas, pela via subcutânea. Não foi necessário o uso de adjuvantes, quer por via oral quer por via nasal. As frações protéicas de 43 e 23 kDa mostraram-se responsáveis pela imunogenicidade do vírus, como foi evidenciado pela síntese de anticorpos específicos detectados por ELISA. A análise da proliferação celular da placas de Peyer revelou um aumento (r=0,88 do número de leucócitos ao longo de 42 dias após a imunização. Esses resultados reforçam a possibilidade do uso do CPSMV como vetor seguro de antígenos de doenças humanas/animais pouco imunogênicos para produção de vacinas.SDS-PAGE analysis of purified Cowpea severe mosaic virus (CPSMV revealed the migration of three protein fractions of 43, 23 and 21 kDa, corresponding to the capsid protein called large protein (43 kDa and small protein (23 kDa; intact and 21 kDa; cleaved. The capsid proteins, in their native form, were used to immunize mice through oral and nasal routes for ten consecutive days. The denatured form of the 43 and 23 kDa protein fractions were

  5. Sistemas de liberação controlada com bupivacaína racêmica (S50-R50 e mistura enantiomérica de bupivacaína (S75-R25: efeitos da complexação com ciclodextrinas no bloqueio do nervo ciático em camundongos Sistemas de liberación controlada con bupivacaína racémica (S50-R50 y mescla enantiomérica de bupivacaína (S75-R25: efectos de la complexación con ciclodextrinas en el bloqueo del nervio ciático en ratones Drug-delivery systems for racemic bupivacaine (S50-R50 and bupivacaine enantiomeric mixture (S75-R25: cyclodextrins complexation effects on sciatic nerve blockade in mice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniele Ribeiro de Araújo

    2005-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Os efeitos adversos associados ao uso de bupivacaína levaram à procura por novos anestésicos locais (AL com perfil de bloqueio semelhante e menos tóxicos, surgindo novas preparações como a mistura enantiomérica de bupivacaína (S75-R25. Os sistemas de liberação controlada, contendo AL em carreadores como ciclodextrinas (CD, têm como objetivo melhorar a eficácia anestésica e o índice terapêutico dessas drogas. Este estudo visou a preparação, a caracterização e a avaliação da eficácia anestésica dos complexos de inclusão da mistura enantiomérica da bupivacaína (S75-R25 e da bupivacaína racêmica (S50-R50 com hidroxipropilb-ciclodextrina (HPb-CD comparando-os com as preparações atualmente utilizadas na clínica. MÉTODO: Os complexos de inclusão foram preparados misturando-se quantidades apropriadas de HPb-CD e S50-R50 ou S75-R25 nas razões molares (1:1 e 1:2 e caracterizados por estudos de solubilidade de fases. Determinaram-se as constantes de afinidade (K de cada AL pela HPb-CD. Os bloqueios motor e sensorial induzidos pelas drogas livres e complexadas foram avaliados, em camundongos, através do bloqueio do nervo ciático. Para a realização dos experimentos, utilizaram-se três concentrações de AL: 0,125%; 0,25% e 0,5%. RESULTADOS: Os estudos de solubilidade indicaram a formação de complexos de inclusão de S50-R50 e S75-R25 com HPb-CD, com valores de constante de afinidade (K similares para os dois anestésicos: 14,7 M-1 (S50-R50:HP-bCD e 14,3 M-1 (S75-R25:HP-bCD. Os testes em animais mostraram que a complexação potencializou o bloqueio nervoso diferencial induzido pelos AL: i a duração do bloqueio motor induzido por S75-R25 foi similar à do S50-R50, mas menos intenso (p JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Los efectos adversos asociados al uso de bupivacaína llevaron a la búsqueda por nuevos anestésicos locales (AL con perfil de bloqueo semejante y menos tóxicos, surgiendo nuevas

  6. Ação do soro de cabra anti-soro de coelho imunizado ou não com células linfóides do doador sobre o alotransplante cardíaco em ratos: immunosupression of goat antiserum against rabbit serum immunized or not with donor lymphoid cells Cardiac allograft in rats

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Haylton Jorge Suaid

    2002-01-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A rejeição imunológica é uma das principais causas da perda de órgãos transplantados. A tentativa do controle da reação imunológica é clinicamente feita através da imunossupressão inespecífica e experimentalmente também por bloqueio específico. O alotransplante cardíaco em ratos pela técnica de ONO,K é um bom método para avaliação clínica da rejeição e de estudos voltados para o controle da rejeição. Objetivo : estudar o efeito de um anti-antisoro linfocitário, anti-linfócitos do doador sobre a rejeição do alotransplante cardíaco de ratos Wistar para ratos Holtzman. MÉTODOS: o soro anti-linfocitário (SAL foi obtido através da imunização de coelhos com linfócitos obtidos de gânglios linfáticos da cadeia mesentérica de ratos Wistar, em solução de Tyrode, contendo 3x10(9 células/ ml. A inoculação de 3 coelhos foi feita com 1 ml da suspensão celular e 1 ml de adjuvante completo de Freund. Duas semanas após a primeira inoculação fez-se 4 doses semanais de reforço. Os coelhos foram sangrados na 5ª semana, quando então foram separados os soros. A titulação dos soros foi realizada pelo teste de citotoxicidade, sendo verificado que ambos apresentaram título de 1:1024. A dosagem de proteínas mostrou albumina com 3,1 e 2,7 g% e globulinas com 3,5 e 2,9 g%, sendo o normal 3,7 e 2,2 g% respectivamente. Os dois SAL foram misturados. Duas cabras foram inoculados, com 3 ml da mistura desses SAL, associados a 2 ml de adjuvante de Freund. As doses de reforço com 5 ml do SAL foram iniciadas 2 semanas após. A cabra A recebeu 8 doses (1,4 g de globulinas. A cabra B recebeu 4 doses de reforço (0,7 g de globulinas. Uma semana após a última inoculação retirou-se 125 ml de sangue de cada cabra, fazendo a separação dos anti-soro anti-SAL (ASAL. Uma terceira cabra C foi imunizada com soro normal de coelho. A determinação de precipitinas foi feita pelo método de OUCHTERLONY. O ASAL A teve título de 1:64 e B e C título de 1:128. Os ASAL A e B foram capazes de bloquear "in vitro" a atividade citotóxica do SAL até a diluição de 1:2 do SAL. O soro de cabra anti-soro normal de coelho (SCANC não foi capaz de bloquear a citotoxicidade do SAL. Os animais submetidos a transplante cardíaco foram divididos em 2 grupos controles um normal com 10 ratos (C1 e outro (C2 com 5 ratos que recebeu 1,0 ml endovenoso de SCANC. O grupo de ratos testes A foi composto por 19 ratos distribuídos em 3 subgrupos. Subgrupo A1 com 5 ratos recebeu 0,5 ml do ASAL A, via endovenosa, logo após a cirurgia,o subgrupo A2 com 7 ratos recebeu 1.0 ml do ASAL A nas mesmas condições e o subgrupo A3 também com 7 ratos recebeu 1,0 ml no dia da cirurgia e 1,0 ml nos outros 2 dias consecutivos. O grupo de ratos testes B que recebeu o ASAL B foi igual ao grupo A. A avaliação dos corações transplantados foi diária através da palpação abdominal. O tempo máximo de seguimento foi de 243 dias. Os corações considerados rejeitados foram retirados e feito estudos histológicos. RESULTADOS: o período de rejeição dos grupos foi : controles C1 e C2 foram 11,9 e 14,6 dias, respectivamente; no subgrupo A1 apenas um rato teve sobrevida cardíaca significante (153 dias, nos demais ela variou de 9 a 15 dias; no subgrupo A2 a sobrevida do coração foi significante e variou de 23 a 230 dias; no subgrupo A3 apenas 5 corações tiveram sobrevida significante que variou de 29 a 190 dias. A sobrevida dos corações transplantados do grupo B foi significante para um animal de cada subgrupo (120,132 e 129 dias. Os corações com sobrevida longa foram retirados batendo. Os demais corações foram rejeitados dentro do período de variação dos grupos controles. CONCLUSÕES: O soro de cabra anti-soro anti-linfócitos do doador, com maior período de imunização, foi capaz de bloquear a resposta imune de rejeição dos corações transplantados nas doses de 1,0 e 3,0 ml. Os ratos que não promoveram a rejeição aguda dos corações transplantados não apresentaram anticorpos citotóxicos circulantes. O fator causador do bloqueio parace n��o estar vinculado aos bloqueios de citotoxicidade "in vitro" e do teor de precepitinas do SAL.OBJECTIVE: To study the immunosupression efficacy an specific anti-antilymphocytic serum prepared in goats in a model of cardiac allografts in rats. METHODS: Three rabbits were immunized with lymphoid cells obtained from mesenteric lymphatic nodes of Wistar rats. Each one received subcutaneously 3x10(9 cells mixed with Freund's adjuvant. After 2 weeks, they were injected with the same amount of cells at weekly intervals for 4 additional times. In the 5th week they were bled and their serum were mixed. This serum, which had a cytotoxic titer of 1:1024, was used to immunize 2 goats that gave rise to the anti-antilymphocytic serum (AAS-1 and AAS-2. As control we immunized 1 additional goat with normal rabbit serum (ANS. The gel diffusion technique (AAS x rabbit serum showed precipitation bands against till the following dilution: AAS-1 - 1/64, AAS-2 - 1/128 and ANS 1/124. Both AAS were able to block the in vitro lymphocytotoxity of goat antilymphocytic serum till dilution of 1:2 while ANS did not. The hearts from Wistar rats (donors were transplanted in Holtzman rats. The transplanted rats were divide in groups: C1 - 11 animals (control that received no serum; C2 - 5 animals (control that received 1ml of goat normal serum; A- 19 animals - A1 with 5 rats injected intravenously in the day of surgery with 0.5ml of AAS-1, A2 with 7 rats injected with 1ml of AAS-1 only in the of surgery, and A3 with 7 rats that received 1ml of AAS-1 in days 0, 1 and 2 postoperatively; and group B with 19 rats (B1, B2 and B3 treated as group A except with the AAS-2 serum. RESULTS: Mean heart survival in groups C1 and C2 was respectively 11.9 and 14.6 days Survival range in the subgroups A1 and A2 were respectively 9 to 230 days and 23 to 230 days. In subgroup A3 heart survival was prolonged till 29 to 190 days in 5 animals. In group B only 3 animals had prolonged (120, 130 and 129 days heart survival in comparison with the control groups. CONCLUSION: Anti-antilymphocytic serum against donor antigen is able to suppress rejection of cardiac allograft in rats.

  7. Efeito do tratamento com inibidores de secreção acida na infecção por Helicobacter Pylori em camundongos

    OpenAIRE

    Marta Contieri Marostica

    2007-01-01

    Resumo: O mecanismo pelo qual o H. pylori provoca a inflamação gástrica inclui a secreção de substâncias pró-inflamatórias pela bactéria e a estimulação da liberação de citocinas induzida pelo contato direto entre a bactéria e as células epiteliais gástricas. A resposta inicial à infecção por H. pylori é predominantemente neutrofílica e estes, liberam mediadores inflamatórios e enzimas proteolíticas que induzem o dano gástrico. Estresse oxidativo ocorre em pacientes infectados com H. pylori o...

  8. Action of the schistosomotic spleen in male mices on the regulation of thyroid hormones; Possivel influencia do baco esquistossomotico em camundongos machos na modulacao dos hormonios tireotroficos

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Neves, S.R.S.; Silva, I.M.S.; Pereira, S.S.L.; Lima Filho, G.L.; Catanho, M.T.J.A. [Pernambuco Univ., Recife, PE (Brazil). Dept. de Biofisica e Radiobiologia; Neves, E.S.; Silveira, M.F.G. [Pernambuco Univ., Recife, PE (Brazil). Dept. de Anatomia

    1997-12-01

    For the purpose to study the action of the schistosomotic spleen on the regulation of TSH, T4 and albumin levels in serum, spleens from adults mice infected by Schistosoma mansoni were homogeneized, centrifuged and cromatographed in a column of Sephadex G-100, resulting in two proteans fractions (I and II). The biologic activity was determinated through the administration of the fractions by intraperitoneal way (IP), in male mice aged 27-30 days, in a period of three following days. Five days after the last administration, the animals were sacrified and their blood was collected for obtainment of serum and determination of TSH, T4 and albumin levels. Obtained results showed that the albumin levels no change when compared to control and that fraction I infected change the TSH and T4 levels, but the fraction II infected no change this levels. These results suggest that spleens from mice infected by S. mansoni have a factor that modifies the hormonal regulation in level hypophysial and the synthesis of thyroid hormones (T4), changing the basal metabolism. The seric levels of TSH and T4 were determined by radioimmunoassay using I-125. (author). 12 refs., 1 tab.

  9. Participação do sistema da orexina na sensibilização comportamental ao efeito estimulante do etanol em camundongos machos

    OpenAIRE

    Macedo, Giovana Camila de [UNIFESP

    2011-01-01

    Orexins are two neuropeptides, orexin-A and orexin-B, derived from the same precursor gene (pre-pro-orexin) produced by a few thousand neurons located in the perifornical area of the lateral hypothalamus. Despite having a restricted production, orexinergic neurons project widely to brain structures that regulate a number of endocrine and homeostatic functions. Recent evidence suggests the involvement of the orexin system in the reward circuit. We evaluated the role of this system in ethanol-i...

  10. Sintomas não motores na doença de Parkinson: modelo de lesão intraestriatal por 6-OHDA em camundongos

    OpenAIRE

    SAMPAIO, Gabriela Santos Alvarez

    2014-01-01

    A doença de Parkinson (DP) é a segunda doença neurodegenerativa mais comum em idosos, caracterizada pela neurodegeneração de neurônios dopaminérgicos da substância negra (SN), com etiologia não claramente estabelecida, entretanto as causas podem estar associadas a exposição de toxinas ambientais e fatores genéticos. Os processos patológicos envolvidos na DP são disfunção mitocondrial, estresse oxidativo, inflamação e excitotoxicidade. A sintomatologia da DP são alterações motoras, cognitivas ...

  11. Skin graft influence in human tissue radiated in nude mice regeneration; Influencia do enxerto de pele humana irradiada na regeneracao tecidual de camundongos nude

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Miranda, Jurandir Tomaz de

    2016-07-01

    Over the last few years it has increased the interest in the human skin grafts radio sterilized for application mainly in extensive and deep burns. Because these grafts quickly grip and present antigenic lower potential, compared with other treatments used. The purpose of this study was to evaluate the histoarchitecture of human skin grafts irradiated with doses 25 kGy, 50 kGy and non-irradiated during the repair tissue process in nude mice submitted by skin grafting in the dorsal region. Three groups of animals received irradiated human skin grafts (25 kGy and 50 kGy) and non-irradiated and were euthanized on the 3{sup rd}, 7{sup th} and 21{sup th} day after the surgery. Indeed, routine histologic procedures, tissue samples were stained with hematoxylin and eosin (HE) for quantification of keratinocytes, fibroblasts, immune cells and blood vessels and immunofluorescence (IF) was performed to determine the expression human collagen type I and collagen type I and III mouse. Therefore, quantification of both the cells and the collagen types was performed by image analysis using Image-Pro Plus 6.0 software. Histologic results demonstrated at a dose of 25 kGy that human skin irradiation when grafted influences the increase in the number of cells in wound site over time and it provides better dispersion of these cells. In addition, on the 21{sup st} day, three groups of animals with human skin graft were embedded part of the graft in the healing process. On the other hand, the group not irradiated showed greater incorporation of the graft (43 %), but less production of collagen type III mouse (22 %). Since the groups irradiated skin graft showed lower graft incorporation (6 and 15%), but with greater production of collagen type III mice (35 % and 28 % to 25 kGy and 50 kGy, respectively). In conclusion, this study presented that the group irradiated to 25 kGy and it has a higher cell proliferation and vessel formation, and better remodeling of the healing area. (author)

  12. Efeito dos resíduos de café seco e fermentado por Monascus ruber no metabolismo de camundongos Apo E

    OpenAIRE

    Larissa Froede Brito; Lívia Dias Queirós; Maria do Carmo Gouveia Peluzio; Sônia Machado Rocha Ribeiro; Sérgio Luis Pinto da Matta; José Humberto de Queiroz

    2012-01-01

    FUNDAMENTO: A aterosclerose é uma doença inflamatória crônica de origem multifatorial que ocorre em resposta à agressão endotelial. O fungo Monascus ruber apresenta atividade hipocolesterolêmica e polifenóis presentes no resíduo de café apresentam atividade antioxidante, podendo auxiliar na prevenção de doenças cardiovasculares. O resíduo de café possui quantidade significativa de açúcares fermentescíveis, constituindo-se em substrato apropriado para o cultivo de fungos. OBJETIVO: O objetivo ...

  13. Vaccination of pigs with Toxoplasma gondii antigens incorporated in immunostimulating complexes (iscoms Vacinação de suínos com antígenos de Toxoplasma gondii incorporados a complexos imunoestimulantes (iscoms

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R.L. Freire

    2003-08-01

    ígenos da amostra LIV-5 sem o iscom, o grupo 3 (G3 foi inoculado com taquizoítas da amostra RH de T. gondii e o grupo 4 (G4 não foi imunizado. Quatro animais não receberam a vacina nem o desafio com o T. gondii (grupo 5-G5. Trinta dias após as imunizações os suínos foram desafiados, via oral, com 5´10(4 oocistos da amostra AS-28 de T. gondii. Os animais foram sacrificados 47 dias após o desafio e fragmentos de coração, músculo, cérebro, fígado, língua e retina foram colhidos para a inoculação experimental em camundongos. Três dos nove suínos do G2 e um dos nove suínos do G4 apresentaram temperatura elevada após o desafio. A resposta humoral (IgG foi analisada pela reação de imunofluorescência indireta. A primeira vacinação com o iscom induziu baixos níveis de anticorpos, a segunda e a terceira resultaram em altos níveis, semelhantes aos encontrados na infecção com a amostra RH (G3. O Western blotting indicou que a resposta humoral do G1, após o desafio, foi mais intensa que a dos animais não vacinados. O T. gondii não foi isolado no bioensaio das amostras de tecido dos suínos vacinados com iscom, mas foram recuperados em quatro suínos do G4, um suíno do G2 e um do G3.

  14. Vírus do mosaico severo do caupi-CPSMV como molécula carreadora para a p28 do vírus da artrite-encefalite caprina-CAEV Cowpea severe mosaic virus CPSMV as a carrier molecule to p28 from caprine arthritis-encephalitis virus-CAEV

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco Jarbas Santos de Sousa

    2005-12-01

    Full Text Available O vírus da Artrite-encefalite caprina (CAEV pertence à família Retroviridae, gênero Lentivirus. O CAEV infecta caprinos do mundo inteiro causando artrite, encefalite, mamite, pneumonia e emagrecimento progressivo. Este trabalho mostra a formação de uma quimera construída através da mistura da p28 do CAEV com glutaraldeído e CPSMV, purificada por meio de cromatografia em biogel e sephadex G-150. As cromatografias foram monitoradas através de leituras em espectrofotômetro no comprimento de onda de 280nm, dos líquidos coletados nos tubos. Os picos contendo a quimera foram coletados e submetidos à eletroforese (SDS-PAGE, sendo assim evidenciada a banda correspondente à mesma. Grupos de camundongos swiss foram imunizados com o vírus quimérico (CPSMV + p28, com o vírus CPSMV purificado e com a proteína p28 do CAEV, utilizando o adjuvante de Freund incompleto. Os anticorpos específicos produzidos contra o CPSMV e p28 reconheceram a proteína quimérica em Western Blotting e em teste de ELISA. Os anticorpos contra o vírus quimérico apresentaram títulos mais elevados do que os anticorpos produzidos contra a p28, demonstrando que o vírus quimérico apresenta maior imunogenicidade do que a proteína p28 sozinha. Os resultados mostraram que o acoplamento covalente entre o CPSMV e a p28 do CAEV foi obtido com sucesso, originando uma molécula estável não comprometendo a estrutura do capsídeo do CPSMV. Desta forma, sugere-se que o CPSMV possa ser utilizado como molécula carreadora na produção de vacinas para vírus que infectam animais.Caprine arthritis-encephalitis virus (CAEV belongs to Retroviridae family, Lentivirus genus. This virus infects caprine all over the world causing arthritis, encephalitis, mammitis and progressive emaciating. This research showed chimera's building made by mixing up CAEV p28, with glutaraldehyde, and CPSMV, purified through the chromotography in biogel and sephadex (G-150. After that, some measures

  15. Immunogenicity and antigenicity of the recombinant EMA-1 protein of Theileria equi expressed in the yeast Pichia pastoris Imunogenicidade e antigenicidade da proteína recombinante EMA-1 de Theileria equi expressa em Pichia pastoris

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leandro Q. Nizoli

    2009-06-01

    monoclonal e anticorpos policlonais obtidos de equinos naturalmente infectados com T. equi. A imunogenicidade da proteína rEMA-1 foi demonstrada por RIFI utilizando soro de camundongos imunizados com proteína recombinante usando hidróxido de alumínio como adjuvante. Todos os animais vacinados com rEMA-1 desenvolveram uma alta resposta específica de anticorpos. Esses resultados sugerem que rEMA-1 expressa em P. pastoris possa ser um candidato para ser usado como antígeno para diagnóstico imunológico bem como antígeno para vacinas.

  16. Obtenção e caracterização de anticorpo monoclonal murino anti-fator VIII da coagulação sangüínea Attainment and characterization of murine monoclonal anti-factor VIII antibodies

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosana Rossi-Ferreira

    2006-06-01

    Full Text Available Entre os avanços da engenharia celular e biotecnologia nas últimas décadas, destaca-se a produção de anticorpos monoclonais murinos (AcMm utilizados no aprimoramento diagnóstico nas rotinas laboratoriais. A produção de fator VIII de alta pureza sempre foi o desejo e a preocupação das indústrias de hemoderivados para tratamento de pacientes portadores de hemofilia A, porém este produto inexiste no Brasil, sendo necessária sua obtenção no mercado internacional a custos elevados. O trabalho tem por objetivo a produção de AcMm anti-fator VIII humano (FVIII H através da expansão dos clones e caracterização imunoquímica do anticorpo. Camundongos Balb/c foram imunizados com FVIII H purificado como também proveniente de crioprecipitado e as células esplênicas dos animais foram fusionadas com células mielomatosas murinas segundo o método descrito por Kohler e Milstein para produção de híbridos em cultura. Foram testados 1.983 híbridos dos quais 105 foram submetidos à clonagem. Destes, 39 obtiveram monoclonalidade e 7 destes clones foram caracterizados através de técnicas de immunoblotting. Foram submetidas à purificação por cromatografia três imunoglobulinas de diferentes classes pertencentes aos clones LAMB1-10A1A4, LAMB1-17A1A1 e LAMB1-24A2A1. A imunoglobulina purificada pertencente ao clone LAMB1-10A1A4 foi adsorvida em coluna de imunoafinidade para purificação de concentrado de FVIII proveniente de crioprecipitado plasmático.Among the advances in cellular engineering and biotechnology over the last decades, the production of murine monoclonal antibodies (AcMm, used to improve laboratory diagnoses, stands out. The production of very pure factor VIII has always been a concern of suppliers of blood products to treat patients with hemophilia A and this product is still not produced in Brazil. Hence, it can only be attained on the international market at a high cost. The aim of this work was to produce AcMm anti

  17. Production of polyclonal antibodies for lectin from Anticarsia gemmatalis hemolymph Produção de anticorpos policlonais para lectina de hemolinfa de Anticarsia gemmatalis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mario Augusto Ono

    2005-10-01

    . gemmatalis. A atividade de lectina de hemolinfa de lagartas de A. gemmatalis foi avaliada frente a hemácias humanas, de coelho, camundongo, carneiro e boi em ensaio de hemaglutinação. Apenas as hemácias de bovino não foram aglutinadas pela lectina. As hemácias de coelho apresentaram maior reatividade com a lectina (1:512 e portanto os anticorpos policlonais foram produzidos em coelho imunizado com hemácias autólogas sensibilizadas com lectina. O anticorpo anti-lectina apresentou título de 1:8 em reação de precipitação em gel. Assim, nesse estudo foi possível produzir anticorpos para lectina de A. gemmatalis sem necessidade de emprego de técnicas dispendiosas de purificação.  

  18. Infecção via oral por Trypanosoma evansi em animais de laboratório

    OpenAIRE

    Silva,Aleksandro Schafer da; Ceolin,Lilian Varini; Oliveira,Camila Belmonte; Monteiro, Silvia Gonzalez; Doyle,Rovaina Laureano

    2007-01-01

    Testou-se a infecção de Trypanosoma evansi pela via oral em ratos e camundongos, através de sangue contaminado de ambas as espécies. Dez ratos e dez camundongos foram alocados em quatro grupos iguais A e B (ratos), C e D (camundongos). Os grupos A e C receberam sangue contaminado de um rato e o grupo B e D de um camundongo, através de uma sonda. O volume de sangue administrado foi de 0,2ml, o qual apresentava uma concentração de 10(7) tripanossomas ml-1. Os animais foram mantidos em temperatu...

  19. Pharmacokinetic aspects of Tert-Butylaminoethyl disulfide, an experimental drug against schistosomiasis in mice Aspectos farmacocinéticos do t-butilaminoetil-dissulfeto: uma droga experimental na esquistossomose em camundongos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M. M. Guerra Andrade

    1989-03-01

    Full Text Available A preliminary study of the pharmacokinetic parameters of t-Butylaminoethyl disulfide was performed after administration of two different single doses (35 and 300 mg/kg of either the cold or labelled drug. Plasma or blood samples were treated with dithiothreitol, perchloric acid, and, after filtration, submitted to further purification with anionic resein. In the final step, the drug was retained on a cationic resin column, eluted with NaCl 1M and detected according to the method of Ellman (1958. Alternatively, radioactive drug was detected by liquid scintillation counting. The results corresponding to the smaller dose of total drug suggested a pharmacokinetic behavior related to a one open compartment model with the following parameters: area under the intravenous curve (AUC i.v.:671 ± 14; AUC oral: 150 ± 40 µg.min. ml [raised to the power of -1]; elimination rate constant: 0.071 min [raised to the power of -1]; biological half life: 9.8 min; distribution volume: 0.74 ml/g. For the higher dose, the results seemed to obey a more complex undertermined model. Combining the results, the occurence of a dose-dependent pharmacokinetic behavior is suggested, the drug being rapidly absorbed and rapidly eliminated; the elimination process being related mainly to metabolization. The drug seems to be more toxic when administered I.V. because by this route it escapes first pass metabolism, while being quickly distributed to tissues. The maximum tolerated blood level seems to be around 16 µg/ml.Um estudo preliminar da farmacocinética do t-butilamino-etil-dissulfeto foi conduzido utilizando droga fria ou radioativa em duas diferentes doses (35 e 300 mg/Kg. Amostras de plasma ou sangue foram tratadas com ditiotreiol, ácido perclórico, e, após filtração, submetidas a uma subseqüente purificação em um "batch" de resina aniônica. Na etapa final, a droga foi retida em coluna de resina catiônica, eluída com NaCl 1 M e detectada pelo método de Ellman (1958. Alternativamente, a droga radioativa foi detectada por cintilação líquida. Os resultados correspondentes a droga total administrada na menor dose sugeriram um comportamento farmacocinético relacionado ao modelo de um compartimento aberto, com os seguintes parâmetros: área sob a curva intravenosa (ASCI.V.: 671 ± 14; ASCoral: 150 ± 40 microng.min.ml [elevado a -1]; constante de eliminação: 0,071 min [elevado a -1]; meia-vida biológica: 9,8 min; volume de distribuição: 0,74 ml/g. Para a dose mais alta, os resultados indicaram aparentemente a ocorrência de um modelo mais complexo e não adequadamente classificado. Analisados em conjunto os resultados sugerem a ocorrência de um comportamento farmacocinético dose-dependente. A droga é absorvida e eliminada rapidamente, sendo este último processo relacionado principalmente a metabolização. A droga parece mais tóxica quando administrada via I.V. porque por esta via ela não sobre metabolismo de primeira passagem e, é, por outro lado rapidamente distribuída para os tecidos. O nível sanguíneo máximo tolerado pelos animais parece ser de 16 µg/ml.

  20. InvestigaÃÃo da aÃÃo central do carvacrol em modelos de ansiedade, depressÃo e convulsÃo em camundongos e possÃveis mecanismos farmacolÃgicos envolvidos.

    OpenAIRE

    Francisca Helvira Cavalcante FÃlix

    2010-01-01

    Carvacrol (5-Isopropil-2-metilfenol) Ã um monoterpeno fenÃlico presente nos Ãleos essenciais de diversas plantas. Ã o principal constituinte dos Ãleos essenciais de orÃgano e thyme. Este trabalho apresenta as aÃÃes comportamentais do carvacrol em modelos animais de ansiedade, depressÃo, sedaÃÃo e convulsÃo, tais como labirinto em cruz elevado (LCE), campo aberto, rota rod, tempo de sono induzido por pentobarbital, convulsÃo induzida por pentilenotetrazol, nado forÃado e suspensÃo da cauda. Ca...

  1. InvestigaÃÃo da aÃÃo central do timol em modelos comportamentais de ansiedade, depressÃo e convulsÃo em camundongos

    OpenAIRE

    Mariana Lima Fernandes

    2012-01-01

    Thymol (2-isopropyl-5-methyl-phenol) an isomer of Carvacrol. Present as large colorless crystals or white crystalline powder. It is a monoterpene essential oil extracted from various herbs, and the main component of the essential oil of rosemary-pepper (Lippia sidoides), constituting approximately 48% of its composition. This paper presents the behavioral actions of thymol in animal models of anxiety, depression, seizures and sedation, such as elevated plus maze (EPM), open field, rota rod, f...

  2. Response pattern's of immunoglobulins evaluation in different lineages of mice infected with T. cruzi; Avaliacao do padrao de resposta de imunoglobulinas em diferentes linhagens de camundongos frente a infeccao por T.cruzi

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Silva, Andreia dos Santos

    2006-07-01

    The present work has employed different mice lineages (A/J, C57BL/6, B6AF1, BXA1 and BXA2) that were challenged with different doses of T. cruzi. The objective was to evaluate the pattern of immunoglobulins response presented by resistant and susceptible mice to T. cruzi as well as the lineages developed from the matting between them. So that evaluation was done by using lineages serums' sample, analyzed by ELISA's method. In agreement with the results observed all the lineages presented higher response to IgG2a and IgG2b, if compared with the titles to IgG1. IgG1 immunoglobulins involve a type Th2 pattern response which expressed allergic immunological responses, while IgG2 involves a pattern response Th1 that expresses cellular immunological response. The different lineages used in this research also presented different immunological response pattern by the infection with T. cruzi. Mice of the lineage C57BL/6 are resistant to the infection, while the animals of the lineage A/J are susceptible. The animals of the lineage B6AF1 are more resistant to the infection than their original parental C57BL/6. The immunological response developed by hybrid mice present traces of both susceptible and resistant parental A/J and C57BL/6, respectively. The animals of the lineage BXA1 can be considered resistant to the infection, but they don't present the same control as that presented by those of the lineages B6AF1 and C57BL/6. The animals of the lineage BXA2 can be considered susceptible to the infection, but they can control it for a long period, surviving like this, longer than the animals of the lineage A/J. In addition it was observed that the IgG2b immunoglobulins are very important to the resistance of mice to T. cruzi infection. (author)

  3. Suplementação oral com Butirato de sódio reduz o desenvolvimento da aterosclerose e aumenta a estabilidade da placa em camundongos ApoE-/-

    OpenAIRE

    Edenil Costa Aguilar

    2014-01-01

    A aterosclerose é uma importante doença cardiovascular associada à elevada mortalidade em todo o mundo. Na busca pela prevenção ou tratamento de eventos cardiovasculares, estudos utilizando nutrientes tem se destacado fortemente. O butirato é produzido no organismo pela fermentação bacteriana de fibras e carboidratos não digeridos no cólon e constitui a principal fonte energética para os colonócitos. Diversos estudos têm mostrado que o butirato possui efeitos anti-inflamatórios, anti-oxidante...

  4. Study of uptake and endocytosis of gamma rays-irradiated crotoxin by mice peritoneal macrophages; Avaliacao do mecanismo de captacao e endocitose de crotoxina submetida a acao da radiacao, por macrofagos peritoneais de camundongos

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Cardi, Bruno Andrade

    1999-07-01

    The purpose was to investigate the uptake and endocytosis of 2000 Gy {sup 60}Co irradiated crotoxin through mouse peritoneal macrophages, correlating with native one and another non related protein, the ovalbumin. Native (CTXN) or 2000 Gy {sup 60} Co {gamma}-rays (dose rate 540 Gy/hour) irradiated crotoxin (CTXI) or ovalbumin processed of same manner (OVAN - OVAI) were offered to mouse peritoneal macrophages and their uptake was evaluated by immunohistochemistry and quantitative in situ ELISA. The involvement of scavenger receptors (ScvR) was evaluated by using blockers drugs (Probuco-PBC or Dextran Sulfate - SD) or with nonspecific blocking using fetal calf serum (FBS). The morphology and viability of macrophages were preserved during the experiments. CTXI showed irradiation-induced aggregates and formation of oxidative changing were observed on this protein after gamma rays treatment. By immunohistochemistry we could observe heavy stained phagocytic vacuole on macrophages incubated with CTXI, as compared with CTXN. Quantitatively by in situ ELISA, the sema pattern was observed, displaying a 2-fold CTXI incorporation. In presence of PBC or SD we could find a significant decrease of CTXI uptake but not of CTXN. However the CTXN uptake was depressed by FBS, not observed with CTXI. OVA, after gamma rays treatment, underwent a high degradation suffering a potent incorporation and metabolism by macrophages, with a major uptake of OVAI in longer incubation (120 minutes). Gamma rays ({sup 60} Co) produced oxidative changes on CTX molecule, leading to a uptake by ScvR-mice peritoneal macrophages, suggesting that the relation antigen-presenting cells and gamma rays-modified proteins are responsible for the better immune response presented by irradiated antigens. (author)

  5. Toxoplasma gondii vs ionizing radiation: intestinal immunity induced in C57bl/6j mice by irradiated tachyzoites; Toxoplasma gondii vs radiacao ionizante: estudo da imunidade intestinal em camundongos C57Bl/6j experimentalmente vacinados com taquizoitos irradiados

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Galisteo Junior, Andres Jimenez. E-mail: galisteo@usp.br

    2004-07-01

    We study the oral route for the development of a vaccine for toxoplasmosis, using parasites irradiated with 60 Cobalt, as an alternative for vaccine development to this worldwide parasitic infection. We evaluated the development of immunity at serum or mucosal levels, and their efficiency in protect the mice against challenge with oral cysts of the Me-49 strain. C57Bl/6j isogenic mice were immunized by oral route with 107 255 Gy irradiated tachyzoites from RH strain, at several protocols using milk as anti-peptic adjuvant and alum hydroxide as antacid. The preparations of irradiated tachyzoites induced production of serum IgG and IgA in immunized mice, as determined by ELISA, with IgG2a as the dominant subclass, similar to chronic infection. Their use with adjuvant allowed the excretion of significant amounts of IgA in stools also IgG, despite a lesser extent. There are suggestion of tolerance induction at mucosal level, with lower antigen induced proliferation and lower in vitro antibody production by spleen and gut lymphocytes, with the latter doses, specially when milk was used as adjuvant. All oral preparations induced some quantitative protection against challenge, which was similar to the parenteral route only isolated alum hydroxide was used as adjuvant. All these data support the possibility of the development of an oral vaccine against toxoplasmosis, using irradiated tachyzoites, which would be possible tool in near future for use in field baits, for immunizing either domestic or wild felines. (author)

  6. Phototherapy with low intensity laser in carrageenan-induced acute inflammatory process in mice paw - dosimetry studies; Fototerapia com laser em baixa intensidade em processo inflamatorio agudo induzido por carragenina em pata de camundongos - estudos de dosimetria

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Meneguzzo, Daiane Thais

    2010-07-01

    The importance of modulation of inflammation on the treatment of inflammatory diseases and the difficulty in determining the laser irradiation parameters has led us to study the effects of different protocols of phototherapy with low intensity laser (power, energy, time and place of irradiation) in the treatment and prevention of edema in acute inflammatory process using the experimental model of paw edema induced by carrageenan (CGN) in three strains of mice (Balb-c, Swiss and C57BL/6). The first stage of the study evaluated different combinations of energy (1J and 3J) with different powers (30, 60 and 100mW) in Balb-C mice paw irradiated 1 and 2h after injection of CGN. The second stage studied different combinations of location (foot, inguinal lymph nodes and both) and exposure time (2 and 1h before, 1h and immediately before the CGN, 1 and 2h and 3.5 and 4.5h after CGN) using fixed irradiation parameters (1J, 100mW, 35J/cm{sup 2}, spot area of 0.028 cm{sup 2}). The third stage compared different strains of mice Balb-c and C57BL/6) in the best local and time parameters found in step 2. At all stages, we evaluated the change in paw volume by plethysmography and inflammatory infiltrate by histomorphometry or analysis of myeloperoxidase (MPO). The results showed that laser phototherapy treated and prevented edema and modulated the inflammatory process with paw and inguinal lymph nodes irradiations accordingly with the parameters and mice strain used. (author)

  7. Efeitos do treinamento físico aeróbico de baixa intensidade na inflamação alérgica crônica e na resposta imune de camundongos sensibilizados

    OpenAIRE

    Ronaldo Aparecido da Silva

    2009-01-01

    O treinamento físico (TF) é parte da reabilitação pulmonar de pacientes asmáticos e parece reduzir o número de crises, o uso de medicamento, o broncoespasmo induzido pelo exercício e aumenta a tolerância ao esforço e a qualidade de vida. Apesar de todos estes benefícios, poucos estudos têm investigado possíveis efeitos anti-inflamatórios desencadeados pelo TF na doença pulmonar alérgica. Em vista disto, o objetivo do presente estudo foi avaliar o efeito do treinamento físico aeróbico (TA) em ...

  8. Emprego de compostos organometálicos mononucleares de paládio(II na ativação de macrófagos peritoneais de camundongos Activation of mice peritoneal macrophages by palladium(II organometallic mononuclear compounds

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eduardo Tonon de Almeida

    2005-06-01

    Full Text Available The immune responses are mediated by a variety of cells that, when activated, produce a number of molecules. Macrophages are the first cells to take part in the immune response releasing many compounds in the extracellular environment such as H2O2. Taking into account this aspect we evaluated the activation of an immunological system, in vitro, by determining the H2O2 released in cultures of peritoneal macrophage cells from Swiss mice in the presence of organopalladated compounds of the type [Pd(dmba(X(dppp], dmba = N,N-dimethylbenzylamine, dppp = 1,3-bis(diphenylphosphinepropane, X = Cl, N3, NCO, NCS. An excellent activation of macrophages by the [Pd(dmba(X(dppp] compounds was observed and the influence of the X ligand on the immune response could be verified.

  9. Pharmacokinetics of {sup 99m} Tc-thalidomide in BALB/c mice: comparison of endovenous and intraperitoneal administration; Farmacocinetica da talidomida marcada com tecnecio-99m em camundongos BALB/C: comparacao entre via endovenosa e intraperitoneal

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Moreno, Silvana R.F.; Motta, Ana Paula R.; Cardoso, Rejane C.; Bernardo-Filho, Mario [Universidade do Estado, Rio de Janeiro, RJ (Brazil). Inst. de Biologia Roberto Alcantara Gomes. Dept. de Biofisica e Biometria

    1999-11-01

    Thalidomide is a teratogenic agent that is being used in the treatment of lung tuberculosis infection, HIV-1, lupus eritomatosus and host graft disease. This is due to its efficient immunosuppressive action. We have chosen the technetium-99 m, for the labeling of thalidomide for to test the possibility of the thalidomide as a radiopharmaceutical. Furthermore, we are studying the behaviour of this labeled drug through the biodistribution in mice (intraperitoneal and endovenous via). The percentage of radioactivity per gram was determined for each organ. So much the inoculation by intraperitoneal as endovenous via showed that kidney had the largest uptake of {sup 99m} Tc-thalidomide in each period of time tested. In the control animal, free {sup 99m} Tc was found in the stomach. (author) 13 refs., 8 tabs.; e-mail: bernardo at uerj.br

  10. Technique of the `in vitro` fertilization and the culture of mouse embryos at preimplantation; Tecnica de fertilizacao `in vitro` e cultura de embrioes de camundongo durante a pre-implantacao

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Kikuchi, Olivia Kimiko [Instituto de Pesquisas Energeticas e Nucleares (IPEN), Sao Paulo, SP (Brazil); Yamada, Takeshi [National Inst. of Radiological Sciences, Chiba (Japan)

    1993-03-01

    The mammal embryo is an intensive cellular proliferating system, very radiosensitive and therefore adequate to the study of the biological effects of ionizing radiation. The technique of the in vitro fertilization and the culture of mouse embryos at preimplantation period, modified by Yamada et al (1982) to improve the efficiency of more than 95% of blastocyst formation is described. (author) 2 refs., 7 figs.

  11. Modulação da resposta imunologica (Th2/Th1) em camundongos BALB/c previamente sensibilizados com ovalbumina e injetados com microesferas de PLGA encapsuladas com OVA

    OpenAIRE

    Rhubia Bethania Socorro Lemos de Brito

    2006-01-01

    Resumo: A imunoterapia é a estratégia empregada no tratamento das doenças alérgicas que, quando bem indicada, é considerada eficaz com redução dos sintomas. Apesar disso, uma das desvantagens é a possibilidade de surgirem reações sistêmicas adversas durante o tratamento. Dentro do contexto de inovação tecnológica, o surgimento da nanotecnologia oferece a perspectiva de novas formas de elaboração de vacinas e imunoterápicos, com estruturas com propriedades de encapsulação da droga/alérgeno per...

  12. Efeitos da suplementação de probióticos na prevenção da obesidade e suas complicações em camundongos Swiss

    OpenAIRE

    Renata Alvares Bagarolli Zambon

    2013-01-01

    Resumo: A obesidade é caracterizada por processo inflamatório crônico e resistência à insulina (RI), os quais são responsáveis por grande parte de suas doenças associadas. Sabe-se que diversas moléculas do sistema imune inato estão associadas à RI e obesidade, destacando-se o receptor toll-like-receptor 4 (TLR4). Sua via de sinalização está ativada na obesidade, devido à presença aumentada na circulação de seu principal ligante, lipopolissacarídeo (LPS). Acredita-se que esta endotoxemia metab...

  13. Associação entre esquistossomose mansônica e translocação bacteriana / sepse: perfil de citocinas na infecção crônica em camundongos submetidos à esplenectomia

    OpenAIRE

    Weber Sobrinho, Carlos Roberto

    2012-01-01

    Os helmintos são amplamente reconhecidos como organismos reguladores da resposta imune do seu hospedeiro. Um imunomodulador e potente indutor da resposta Th2 é o Trematódeo Schistosoma mansoni que no Brasil, é a espécie que apresenta as taxas mais alarmantes de infecção, principalmente no Nordeste do País. É de amplo conhecimento que a esquistossomose é um fator promotor de bacterioses, sendo descrita também a interação do S. mansoni com bactérias gram-positivas e bactérias anaeróbias. Alguns...

  14. Associação entre esquistossomose mansônica e infecções microbianas: estudo da translocação microbiana em camundongos na fase crônica, submetidos à esplenectomia

    OpenAIRE

    de Magalhães Lima, Kedma

    2011-01-01

    Translocação bacteriana (TB) é a passagem de micro-organismos viáveis ou endotoxinas através da mucosa e lamina própria do trato digestório para os linfonodos mesentéricos e outros órgãos. Para que TB ocorra há necessidade da existência isolada ou em conjunto de fatores como queda da imunidade, alteração da microbiota e quebra da barreira defensiva da mucosa intestinal. Apesar dos inúmeros relatos sobre doenças bacterianas em esquistossomóticos, não foram encontrados trabalhos ...

  15. Estudo do transporte sinaptossomal de glutamato e da nocicepção em camundongos que não expressam a proteína príon celular

    OpenAIRE

    Carqueja, Cristiane Lima

    2006-01-01

    Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Biológicas. Programa de Pós-Graduação em Neurociências. A proteína príon celular (PrPc) é uma glicoproteína de membrana, ancorada à superfície celular por glicosilfosfatidilinositóis. É expressa em diversos tipos celulares, sendo abundante em neurônios. Vários estudos vêm sendo conduzidos no intuito de elucidar as possíveis funções fisiológicas desta proteína. Neste trabalho foi investigado o transporte sin...

  16. Elements determination of clinical relevance in biological tissues Dmd{sup mdx}/J dystrophic mice strains investigated by NAA; Determinacao de elementos de relevancia clinica em tecidos biologicos de camundongos distroficos Dmd{sup mdx}/J por AAN

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Metairon, Sabrina

    2012-07-01

    In this work the determination of chemistry elements in biological tissues (whole blood, bones and organs) of dystrophic mice, used as animal model of Duchenne Muscular Dystrophy (DMD), was performed using analytical nuclear technique. The aim of this work was to determine reference values of elements of clinical (Ca, Cl, K, Mg, Na) and nutritional (Br and S) relevance in whole blood, tibia, quadriceps and hearts from Dmdmdx/J (10 males and 10 females) dystrophic mice and C57BL/6J (10 males) control group mice, using Neutron Activation Analysis technique (NAA). To show in more details the alterations that this disease may cause in these biological tissues, correlations matrixes of the DMD{sup mdx}/J mouse strain were generated and compared with C57BL/6J control group. For this study 119 samples of biological tissue were irradiated in the IEA-R1 nuclear reactor at IPEN (Sao Paulo, Brazil). The concentrations of these elements in biological tissues of Dmd{sup mdx}/J and C57B/6J mice are the first indicative interval for reference values. Moreover, the alteration in some correlation coefficients data among the elements in the health status and in the diseased status indicates a connection between these elements in whole blood, tibia, quadriceps and heart. These results may help the researchers to evaluate the efficiency of new treatments and to compare the advantages of different treatment approaches before performing tests in patients with muscular dystrophy. (author)

  17. Efeito dos resíduos de café seco e fermentado por Monascus ruber no metabolismo de camundongos Apo E Effect of dry coffee residues fermented with Monascus ruber on the metabolism of Apo E mice

    OpenAIRE

    Larissa Froede Brito; Lívia Dias Queirós; Maria do Carmo Gouveia Peluzio; Sônia Machado Rocha Ribeiro; Sérgio Luis Pinto da Matta; José Humberto de Queiroz

    2012-01-01

    FUNDAMENTO: A aterosclerose é uma doença inflamatória crônica de origem multifatorial que ocorre em resposta à agressão endotelial. O fungo Monascus ruber apresenta atividade hipocolesterolêmica e polifenóis presentes no resíduo de café apresentam atividade antioxidante, podendo auxiliar na prevenção de doenças cardiovasculares. O resíduo de café possui quantidade significativa de açúcares fermentescíveis, constituindo-se em substrato apropriado para o cultivo de fungos. OBJETIVO: O objetivo ...

  18. In vivo evaluation of Fe in the human skin and swins mice skin through the X-rays fluorescence technique; Avaliacao in vivo de Fe na pele humana e de camundongos swins atraves da tecnica de fluorescencia de raios X

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Estevam, Marcelo

    2005-07-01

    Recent technological improvements allow the method of in vivo XRF to supply useful sensibility for diagnostics or monitoring in biomedical applications. In cases of hereditary sanguine disorders as the {beta}-Thalassaemia or a genetic disorder like Haemochromatosis, there is a high concentration of elements as Fe, Zn and Cu in the skin and internal organs, due to the treatment of those abnormalities or due to the own dysfunction caused by the disease. The levels of Fe related to the patient bearers of the {beta}-Thalassaemia are determined, at the moment, measuring a protein in the sanguine current, called ferritin. The monitoring of the protein is ineffective in several situations, such as when the patient suffers any disturbance of health. Nowadays, the main forms of measuring the levels of those metals through hepatic storage are the biopsy of the liver, that is invasive and potentially dangerous, presenting a rate of mortality of 0,1%, and through magnetic susceptibilities that employs a quantum superconductor, which is highly expensive and there are only three main world medical centers with this equipment. This work investigates the use of a Si PIN-diode detector and a 238Pu source (13 and 17 keV; 13%; 95.2 mCi; 86y) for the measurement of Fe skin levels compatible with those associated to the disease {beta}-Thalassaemia. XRF spectra were analyzed using a set of AXIL-WinQXAS programs elaborated and disseminated by the IAEA. The determination coefficient of the calibration model (sensitivity curve) was 0.97. Measurements on skin phantoms containing concentrations of Fe in the range from 15 to 150 parts per million (ppm), indicate that we are able to detect Fe at levels of the order of 13 ppm, using monitoring periods of 50 seconds and skin entrance dose less than 10 mSv. The literature reports skin Fe levels from 15.0 to 60.0 ppm in normal persons and from 70 to 150 ppm in thalassaemic patients. So, the employed methodology allows the in vivo measurement of the skin Fe concentration in wanted levels. (author)

  19. Morphofunctional evaluation of human skin preserved in glycerol and exposed to gamma radiation: a study in athymic mice; Avaliacao morfofuncional de pele humana conservada em glicerol e submetida a radiacao gama: estudo em camundongos atimicos

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Bringel, Fabiana de Andrade

    2011-07-01

    Extensive skin lesions expose the body to damaging agents, which makes spontaneous regeneration difficult and, in many cases, leads patient to death. In such cases, if there are no donating areas for autograft, allografts can be used. In this type of graft, tissue is processed in tissue banks, where it can be subjected to radiosterilization. According to in vitro studies, gamma radiation, in doses higher than 25 kGy, induces alterations in skin preserved in glycerol at 85%, reducing the tensile strength of irradiated tissue. Clinical observation also suggests faster integration of such graft with the receptors tissue. In order to assess if the alterations observed in vitro, would compromise in vivo use, transplants of human tissue, irradiated or not, were performed in Nude mice. The skin of the mice was subjected to macroscopic analysis, optical coherence tomography imaging, histological and biomechanical assays. It was possible to conclude that grafts irradiated with 25 kGy promoted greater initial contraction, without alteration of the final dimensions of the repair area, also displaying a faster closing of the wound. Moreover, the use of irradiated grafts (25 and 50 kGy) enabled the formation of a more organized healing process without significant effects on biomechanical properties. (author)

  20. Modification of the Mus musculus albino rats parasitological profile induced by low x-ray radiation dose; Modificacao do perfil parasitologico de camundongos albinos Mus musculus causada por raios X em baixa dosagem

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Medeiros, P.L.; Veloso, L.F.; Motta, M.A. da [Pernambuco Univ., Recife, PE (Brazil). Dept. de Biofisica e Radiobiologia

    1994-12-31

    Ionizing radiations can induce alterations on the immunological response. In order to observe the effects of X-Rays in the susceptibility to intestinal worms infestation, feces of 40 Albino Swiss mice (20 males and 20 females) receiving weekly X-Rays doses of 500 mGy, were collected once per week, so as was collected fecal material of an equal group o mice non-irradiated, for comparison. The results of the coprologic examination revealed the presence of Ascaris lumbricoides, eggs mainly in the irradiated females, having the irradiated group a proportional rate of 30:1, as compared with the non-irradiated group. Eggs of Syphacia obveolata was also found, with a rate of 13:1 as compared with the non-irradiated, and also here with a prevalence among the irradiated females. (author). 7 refs, 2 figs, 2 tabs.

  1. Labelling of 5-ethyl-5-phenylbarbituric acid with Technetium-99m: biodistribution study in Swiss mice; Marcacao do acido 5-etil-5-fenilbarbiturico com tecnecio-99m: estudo da biodistribuicao em camundongos Swiss

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Simoes, Susana B.E.; Oliveira, Marcia B.N. de; Gutfilen, Bianca; Bernardo-Filho, Mario [Universidade do Estado, Rio de Janeiro, RJ (Brazil). Inst. de Biologia. Dept. de Biofisica e Biometria; Alves, Andreia Coelho; Machado-Silva, Jose R. [Universidade do Estado, Rio de Janeiro, RJ (Brazil). Inst. de Biologia. Dept. de Parasitologia

    1996-07-01

    The 5-ethyl-5-phenylbarbituric acid (phenobarbital) is used as a sedative, hypnotic and anticonvulsant drug. We decided to label it with technetium-99m. In order to determine the optimal conditions, different concentrations of this drug were incubated with various stannous chloride solutions. Then, {sup 99m}Tc was added and chromatography was performed using 0.9% NaCl solution, acetone and n-butyl alcohol as the mobile phase. Using a solution of 0.01 mg/ml stannous chloride and 1.0 mg/ml phenobarbital over 92% of the radioactivity bound to phenobarbital {sup 99m}Tc-phenobarbital. In the biodistribution study, {sup 99m}Tc-phenobarbital was administered in mice intraperitoneal. The main uptake of the labeled drug was in the liver, blood, kidneys, spleen and stomach. The phenobarbital is also used as anesthetic drug in animals. Earlier studies confirm that this drug can dislocate the adult worms of Schistosoma mansoni to mesenteric vein towards the liver and portal vein, so that we used infected animals, radioactivity was not found in isolated worms and we can conclude that the phenobarbital has an indirect action in relation to the displacement of the worms. (author)

  2. Remodelamento miocárdico após grandes infartos converte potenciação pós-pausa em decaimento da força em ratos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Danilo Sales Bocalini

    2012-03-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A Contração Pós-Repouso (CPR do músculo cardíaco fornece informações indiretas sobre a manipulação de cálcio intracelular. OBJETIVO: Nosso objetivo foi estudar o comportamento da CPR e seus mecanismos subjacentes em camundongos com infarto do miocárdio. MÉTODOS: Seis semanas após a oclusão coronariana, a contratilidade dos Músculos Papilares (MP obtidos a partir de camundongos submetidos à cirurgia sham (C, n = 17, com infarto moderado (MMI, n = 10 e grande infarto (LMI, n = 14, foi avaliada após intervalos de repouso de 10 a 60 segundos antes e depois da incubação com cloreto de lítio (Li+ em substituição ao cloreto de sódio ou rianodina (Ry. A expressão proteica de SR Ca(2+-ATPase (SERCA2, trocador Na+/Ca2+ (NCX, fosfolambam (PLB e fosfo-Ser (16-PLB foi analisada por Western blotting. RESULTADOS: Os camundongos MMI apresentaram potenciação de CPR reduzida em comparação aos camundongos C. Em oposição à potenciação normal para camundongos C, foram observadas degradações de força pós-repouso nos músculos de camundongos LMI. Além disso, a Ry bloqueou a degradação ou potenciação de PRC observada em camundongos LMI e C; o Li+ inibiu o NCX e converteu a degradação em potenciação de CPR em camundongos LMI. Embora os camundongos MMI e LMI tenham apresentado diminuição no SERCA2 (72 ± 7% e 47 ± 9% de camundongos controle, respectivamente e expressão protéica de fosfo-Ser16-PLB (75 ± 5% e 46 ± 11%, respectivamente, a superexpressão do NCX (175 ± 20% só foi observada nos músculos de camundongos LMI. CONCLUSÃO: Nossos resultados mostraram, pela primeira vez, que a remodelação miocárdica pós-IAM em camundongos pode mudar a potenciação regular para degradação pós-repouso, afetando as proteínas de manipulação de Ca(2+ em miócitos.

  3. Biodistribution dosimetric study of radiopharmaceutical {sup 99mT}c Ixolaris in mice for melanoma diagnosis by molecular image and translational model for human beings; Estudo dosimetrico da biodistribuicao do radiofarmaco Ixolaris-{sup 99m}Tc em camundongos para diagnostico de melanoma atraves de imagem molecular e modelo translacional para humanos

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Soriano, Sarah Canuto Silva

    2015-07-01

    The labeling of Ixolaris with {sup 99m}Tc was developed by Barboza et.al. (2013) aiming its use primarily in glioblastoma and after in melanoma diagnosis, a less common but very aggressive cancer and with high mortality rate. Preliminary tests on animals have proven its effectiveness of labeling but a dosimetric study to human clinical trials should be performed. This study aimed to: (1) determine the biokinetic model for the radiotracer {sup 99m}Tc-Ixolaris in mice by imaging dosimetry method; and (2) estimate the absorbed and effective dose resulting from the use of a new radiopharmaceutical for melanoma and metastases diagnosis in human beings, since a dosimetric study of new radiopharmaceuticals in animals is necessary to test them subsequently in humans and apply for registration in ANVISA. According to SPECT images, was found a latency period of 15 to 21 days for the development of lung metastasis in mice. Three C57BL6 mice, one control animal, and two animals with induced cell line B16-F10 murine melanoma were tested. The {sup 99m}Tc-Ixolaris radiopharmaceutical was administered intravenously in a caudal vein, and SPECT images were acquired 0.5 h, 1.5 h, 2.5 h, 3.5 h and 24 h post-administration for analysis and biodistribution quantification. The biokinetic model was determined and thus, obtained cumulative activity in order to estimate the absorbed dose in each organ. The mass and metabolic differences between mice and humans were considered and used to extrapolate the data acquired at different scales. Based on dose factors provided by the software MIRDOSE and Olinda (S factor), absorbed doses in irradiated target organs were calculated for the source organs, and finally the effective dose was estimated. The results indicate that for diagnostic exams conducted in human melanoma patients by administering approximately 25.7 MBq the estimated effective dose was 4.3 mSv. Comparing with effective doses obtained in other diagnostic techniques with {sup 99m}Tc, a range of effective doses from 0.6 to 4.8 mSv, it was concluded that the procedure should proceed continue into a Clinical Phase in humans. (author)

  4. Investigation of hyperfine interactions in DNA and antibody of different lineages of mice infected by T. cruzi by perturbed gamma-gamma angular correlation spectroscopy; Investigacao de interacoes hiperfinas em DNA e anticorpos de diferentes linhagens de camundongos frente a infeccao por T. cruzi pela epectroscopia de correlacao angular gama-gama perturbada

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Silva, Andreia dos Santos

    2012-07-01

    In the present work perturbed angular correlation (PAC) spectroscopy was used to measured electric quadrupole interactions in DNA biomolecules of different mice lineages (A/J, C57BL/6, B6AF1, BXA1 e BXA2), samples of different isotypes of immunoglobulin G (IgG1, IgG2a e IgG2b) and active portions of complete and fragmented immunoglobulin responsible by the immune response. Electric quadrupole interactions were also measured in DNA nitrogenous bases (adenine, cytosine, guanine, thymine). PAC measurements were performed using {sup 111}In {yields} {sup 111C}d; {sup 111mC}d {yields} {sup 111}Cd; {sup 111}Ag {yields} {sup 111}Cd; e {sup 181}Hf {yields} {sup 181}Ta as probe nuclei, and carried out at room temperature and liquid nitrogen temperature, in order to investigate dynamic and static hyperfine interactions, respectively. The biomolecule samples were directly marked with the radioactive parent nuclei, whose atom link to a certain site in the biomolecules. The biological materials as well as the probe nuclei were chosen to investigate the possibility to use PAC spectroscopy to measure hyperfine parameters at nuclei from metallic elements bound to biomolecules (including the use of different probe nuclei produced in the decay of parent nuclei of four different metals) and also to study the behavior of different biomolecules by means of the measured hyperfine parameters. Results show differences in the hyperfine interactions of probe nuclei bound to the studied biomolecules. Such differences were observed by variations in the hyperfine parameters, which depend on the type of biomolecule and the results also show that the probe nuclei atom bound to the molecule in some cases and in others do not. (author)

  5. Estudo da atividade hipoglicemiante do chá do lenho da Quássia-do-Brasil, Picrasma crenata (Vell. Engl. em camundongos e ratos | Study of the hypoglicemic activity of the tea of the wood of Quassia-do-Brasil, Picrasma crenata (Vell. Engl. in mice and rats

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Luisa Quadros dos Santos Mauro

    2015-02-01

    Full Text Available A atividade hipoglicemiante do chá do lenho da Quássia-do-Brasil, Picrasma crenata (Vell. Engl.- Simaroubaceae, nas concentrações de 5, 10 e 20%, foi estudada pela determinação da glicemia em animais normoglicêmicos, nos quais a concentração a 10% apresentou uma resposta mais efetiva. Em animais tornados diabéticos pela administração intravenosa de estreptozotocina (65mg/kg e em animais hiperglicêmicos pela administração intravenosa de uma sobrecarga de glicose a 25%, esta mesma concentração do chá também promoveu uma diminuição nos níveis glicêmicos. Tanto nos animais normo como nos hiperglicêmicos, o propranolol (10mg/kg, intraperitoneal, um β-bloqueador adrenérgico nãoseletivo, não influenciou na atividade hipoglicemiante do chá. O chá de Quássia-do-Brasil foi capaz de inibir a absorção intestinal de glicose, e também a sua reabsorção ao nível do glomérulo renal. O mecanismo hipoglicemiante do chá parece não estar envolvido com o aumento da secreção de insulina. --------------------------------------------------------------------------------------------- The hypoglycemic activity of tea made from the wood of Quássia-do-Brasil [Picrasma crenata (Vell. Engl.] was studied by assessment of glycemia in normoglycemic animals. The tea was given in concentrations of 5%, 10%, and 20%, with the concentration of 10% proving to be most effective. The 10% concentration promoted a decrease of glycemic levels in diabetic animals who were given streptozotocin (65 mg/kg and in hyperglycemic animals who received an overloading glucose solution of 25% via intravenous administration Propranolol (10 mg/kg, intraperitoneal, a non-specific adrenergic β-blocker, did not affect the activity of the tea in normal or hyperglycemic animals. The tea of Quássia-do-Brasil was able to inhibit intestinal absorption of glucose as well as its reabsorption from the renal glomerulus. The hypoglycemic mechanism of the tea does not appear to involve enhanced secretion of insulin.

  6. Produção de etanol a partir de torta de mamona (Ricinus communis L. e avaliação da letalidade da torta hidrolisada para camundongos Ethanol production from castor bean cake (Ricinus communis L. and evaluation of the lethality of the cake for mice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Walber Carvalho Melo

    2008-01-01

    Full Text Available The castor bean cake is rich in starch (48 ± 0.53% and bears a problem linked to the occurrence of a toxic protein (ricin. The chemical hydrolysis (ratio solid:liquid = 1:6; H2SO4= 0.1 mol L-1; 120 °C; 40 min generated a medium with 27 g L-1 of reducing sugars (hydrolysis efficiency= 32%. The hydrolyzed product was fermented and produced 11 g L-1 of ethanol (volumetric productivity=1.38 g L-1 h-1 and ethanol yield on substrate consumed=0.45 g g-1. In vivo experiments (DL50 revealed a reduction of roughly 240 times in the CBC toxicity (2.11 µg g-1.

  7. Importância do co-cultivo com fibroblastos de camundongo 3T3 para estabelecer cultura de suspensão de células epiteliais do limbo humano Importance of 3T3 feeder layer to establish epithelial cultures from cell suspension obtained from corneo-scleral rims

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Priscila Cardoso Cristovam

    2008-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a importância da presença de células 3T3 para estabelecer cultura de suspensão de células epiteliais do limbo obtido de rimas córneo-esclerais. MÉTODOS: Rimas de diferentes doadores tiveram seus estroma posterior e endotélio removidos (n=6. Cada rima foi dividida em três segmentos iguais, que foram colocados em cultura em três diferentes condições: um segmento foi colocado na placa de cultura com o lado epitelial para cima (Grupo A. Os dois segmentos restantes foram tripsinizados e a suspensão de células obtida foi cultivada com (Grupo B ou sem (Grupo C células 3T3 irradiadas. As células foram mantidas em meio de cultura "supplemental hormonal epithelial médium" (SHEM, a migração epitelial e a formação de clones nos grupos A, B e C foram avaliadas pela microscopia de contraste de fase e por coloração pela rodamina B. Os resultados foram comparados estatisticamente. RESULTADOS: O crescimento de células epiteliais foi observado em 4/6 rimas (Grupo A. Todas as suspensões de células epiteliais que foram cultivadas com células 3T3 (Grupo B formaram clones. Nenhuma adesão ou formação de clones verdadeiros (holo ou meroclones foi observada na cultura de células que foi cultivada sem 3T3 (Grupo C (p=0,009. CONCLUSÕES: Suspensão de células epiteliais límbicas obtidas de rimas córneo-esclerais no modelo utilizado precisa ser cultivada com células 3T3 para formar clones e estabelecer colônias epiteliais com perspectivas para uso terapêutico na reconstrução da superfície ocular.PURPOSE: To evaluate the importance of the presence of 3T3 fibroblasts for establishing limbal epithelial cultures from cell suspension obtained from corneo-scleral rims (CSR. METHODS: Corneo-scleral rims from different donors (n=6 had their posterior stroma and endothelium stripped away. Each corneo-scleral rim was divided into three equal segments that were set up in tissue culture in three different conditions: one of the segments was placed with the epithelial side up on the bottom of a 6-well culture plate (Group A. The other two fragments were trypsinized and the obtained cell suspension was cultured with (Group B or without (Group C irradiaded 3T3 cells. The cells were cultured in supplemental hormonal epithelial medium (SHEM, the epithelial migration and clone formation in groups A, B and C were evaluated with phase contrast microscopy and rodamine B staining. RESULTS: Epithelial cell growth was observed in 4/6 rims (Group A. All epithelial cell suspensions that were cultured with 3T3 cells (Group B formed clones. No adhesion or true clone formation (holo- or meroclones was observed in the cell suspensions that were cultivated without 3T3 (Group C (p=0.009. CONCLUSIONS: Epithelial cell suspension obtained from corneo-scleral rims in this model needs to be cultivated with 3T3 cells in order to form clones and establish limbal epithelial cell colonies with the potential to be used for ocular surface reconstruction.

  8. Óleo essencial de Citrus aurantifolia : análise química e avaliação dos efeitos anti-inflamatório e antioxidante sobre células musculares distróficas de camundongos mdx

    OpenAIRE

    Fernanda dos Santos Rapucci Moraes

    2014-01-01

    Resumo: Os anti-inflamatórios corticosteróides são os fármacos mais utilizados no tratamento da distrofia muscular de Duchenne. Porém, devido aos severos efeitos colaterais que apresentam, é fundamental a busca por terapias alternativas que minimizem a evolução da doença e melhorem a qualidade de vida dos pacientes distróficos e ao mesmo tempo apresentem menos efeitos colaterais do que os corticosteróides. Recentes estudos, em modelos experimentais, demonstram que os óleos essenciais extraído...

  9. Tachyzoites of Toxoplasma gondii irradiated with 255 Gy induces decrease of cysts and cerebral lesions in mice challenged with cysts of ME-49; Taquizoitos de Toxoplasma gondii irradiados com 255 Gy induzem diminuicao de cistos e lesoes cerebrais em camundongos desafiados com cistos da cepa ME-49

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Hiramoto, Roberto Mitsuyoshi; Galisteo Juniorm Andres Jimenez; Nascimento, Nanci do; Andrade Junior, Heitor Franco de [Instituto de Pesquisas Energeticas e Nucleares (IPEN), Sao Paulo, SP (Brazil). Lab. de Biologia Molecular]. E-mail: rmhiramoto@bol.com.br; hfandrad@usp.br

    2002-07-01

    Toxoplasmosis can cause ocular lesions in normal individuals and several diseases in foetus, HIV infection and transplants. Toxoplasma gondii has a complex life cycle, involving cats, as the definitive host, and warm blood species, as intermediated hosts. The infection occurs by ingestion of food and water contaminated with infected cat faeces, contaminated milk and cheese or raw and undercook meat of the intermediated hosts. To date, there is no commercial vaccine of use in humans. In this work, tachyzoites of T. gondii RH strain were irradiated with 255 Gy and inoculated in C57Bl/6j mice (3 doses, biweekly), after mice were challenged with 1, 5, 10, 20 and 25 cysts of ME-49 by oral gavage. The lesions and cysts in the brain were analyzed in all mice, after 4-week post infection. The mortality was 20% in control mice (ME-49 cysts only) and not one in immunized mice. The number of cysts was high in the control group, but low in immunized 255 Gy mice (n<100). Immunized mice showed less cerebral pathology and necrosis foci. Ionizing radiation is an important tool in the study toxoplasmosis and vaccine development. (author)

  10. Detection of Toxoplasma gondii by PCR and mouse bioassay in commercial cuts of pork from experimentally infected pigs Detecção do Toxoplasma gondii por PCR e bioensaio em camundongo em cortes comerciais de carnes de suínos infectados experimentalmente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    V.S. Tsutsui

    2007-02-01

    Full Text Available The distribution of T. gondii in commercial cuts of pork (ham, tenderloin, spareribs and arm picnic by PCR and bioassay from experimentally infected pigs, was evaluated. Eighteen mixed breed pigs were divided into two groups (G. The G1 animals (n=10 were infected with 4 x10(4 oocysts of the T. gondii VEG strain and the G2 animals (n=8 were used as control. Pigs of both groups were slaughtered at 59th day after infection, and meat samples were collected for bioassay and PCR. All animals from G1 were positive by at least one or both tests, and all control animals were negative. T. gondii was identified in pork by mouse bioassay and PCR in 27/40 (67.5% and in 9/40 (22.5% of the evaluated samples, respectively. There were no statistical differences in the distribution of tissue cysts from commercial cuts of pork by bioassay (P>0.05. However, statistical differences were observed when mouse bioassay and PCR were compared (PAvaliou-se a presença de T. gondii em cortes comerciais de carne suína (pernil, lombo, costela e paleta, por meio do bioensaio e PCR, em animais experimentalmente inoculados. Dois grupos (G foram formados. Os animais do G1 (n=10 foram inoculados com 4 x10(4 oocistos da cepa VEG e os do G2 (n=8 permaneceram como grupo-controle, não inoculado. Todos os animais foram abatidos no dia 59 após a infecção, quando foram colhidas as amostras de carne para a realização das provas de bioensaio e da PCR. Todos os suínos do G1 apresentaram-se positivos a pelo menos um dos testes de diagnóstico ou a ambos, e os do grupo-controle permaneceram negativos. Não houve diferenças significativas em relação aos tipos de cortes comerciais e à presença do parasita no bioensaio (P>0,05. O bioensaio foi capaz de detectar T. gondii em 27/40 (67,5% amostras e a PCR em 9/40 (22,5%. O estudo mostrou diferença entre o bioensaio e a PCR (P<0,01.

  11. Viabilidade de miracídios de Schistosoma mansoni, obtidos de fezes e de granulomas hepáticos de camundongos experimentalmente infectados com a linhagem BH Viability of Schislosoma mansoni miracidia obtained from feces and liver granuloma of experimental mice infected with the BH strain

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eliana Maria Zanotti-Magalhães

    1988-12-01

    Full Text Available Estudou-se comparativamente a viabilidade, em moluscos hospedeiros, de miracídios de Schistosoma mansoni de duas origens: de ovos eliminados com as fezes e de granulomas hepáticos. Procurou-se saber se havia efeito da origem sobre o número total de cercárias obtidas e sobre o período de eliminação de cercárias. Foram também verificados o período pré-patente da infecção dos moluscos, a sobrevivência do caramujo após a infecção e o sexo das cercárias eliminadas. Concluiu-se que: a o período pré-patente foi maior nos moluscos infectados por miracídios provenientes de granulomas hepáticos; b a sobrevivência dos moluscos após a infecção foi maior naqueles infectados por miracídios provenientes de granulomas hepáticos; c o número de cercadas eliminadas por molusco infectado com miracídios provenientes de granulomas hepáticos foi três vezes maior que o número de cercárias eliminadas por moluscos infectados com miracídios provenientes de ovos eliminados com as fezes.The viability of Schistosoma mansoni miracidia in host molluscs, obtained from two origins is examined: from eggs eliminated with feces of the definitive hosts and liver granuloma eggs. The effect of the origin of the miracidia on the number of cercariae and on the time of cercariae elimination was investigated. The prepatent period of cercariae elimination, snail survival after infection and the sex of the eliminated cercariae were also observed. The following results were obtained: a snails infected with miracidia from liver granuloma eggs took longer to begin to eliminate cercariae; b snail survival after infection was longer in the group infected with miracidia from liver granuloma eggs; c the total number of cercariae produced by the snail group infected with miracidia from liver granuloma eggs was three times that of the group infected with miracidia from eggs eliminated with feces.

  12. Efeito da deleção genética do receptor da angiotensina - 1-7, MAS, na morfologia e expressão de proteínas da matriz extracelular em corações de camundongos adultos e neonatais

    OpenAIRE

    Elisandra Gava de Castro

    2006-01-01

    A expressão de vários tipos de colágenos e outras proteínas da matriz extracelular (MEC) mostram estar alteradas sob várias condições fisiológicas e patológicas. O Sistema Renina Angiotensina (SRA) apresenta um papel importante na biossíntese da MEC dentro do coração. Foi mostrado recentemente que angiotensina-(1-7) (Ang1-7) é um ligante endógeno do receptor Mas, o qual esta acoplado à proteína G e modula várias funções importantes no coração (Santos et al., 2003). Porém, pouco se sabe sobre ...

  13. Associação entre propensão ao alto consumo de etanol, comportamentos relacionados à dependência e alterações neurais: uma comparação entre camundongos C57BL/6J e Suíços

    OpenAIRE

    Santos, Mariane Ferreira dos

    2015-01-01

    O etanol é a droga que causa dependência mais consumida no mundo e seu uso indevido é um dos principais fatores que contribui para a diminuição da saúde mundial. A gravidade da dependência ao etanol como problema de saúde pública, e suas inúmeras consequências na convivência social e saúde do indivíduo, impulsionam a importância de investigações sobre os mecanismos neurais que contribuem para essa patologia. Informações sobre o envolvimento de determinados neurotransmissores e quais regiões e...

  14. Cytokine and nitric oxide production by mouse macrophages infected with brazilian flaviviruses Produção de citocinas e óxido nítrico por macrófagos de camundongos infectados com flavivírus brasileiros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Veridiana Ester Dias Barros

    2009-06-01

    Full Text Available The Flaviviridae family, Flavivirus genus includes viruses that are transmitted to vertebrates by infected mosquitoes or ticks. The genus Flavivirus includes a variety of viruses that cause diseases such as acute febrile illness, encephalitis, and hemorrhagic fever. Flaviviruses primarily infect blood monocytes and tissue macrophages, which have been shown to be permissive, supporting viral replication and serving as virus reservoirs. On the other hand, these cells may have an important antiviral activity related to modulation by cytokine production and by the capacity of these cells to synthesize reactive free radicals such as nitric oxide (NO which can have a microbicidal effect. The present study was performed in order to determine the production of cytokines interleukin-1beta (IL-1β, tumor necrosis factor -alpha (TNF-α, transforming growth factor- beta (TGF-β and interferon -alpha (IFN-α and NO by macrophages infected with one of four Brazilian flaviviruses, Bussuquara virus (BUSV, Yellow Fever virus (YFV, Rocio virus (ROCV and Encephalitis Saint Louis virus (SLEV, and to verify the possible antiviral effect of NO during macrophage infection with ROCV. Moreover, we asked if the different viruses were able to regulate bacterial lipopolysaccharide (LPS induced cytokine production. Our results showed that YFV and SLEV reduced the production of IL-1β and TGF-β by LPS-stimulated macrophages, while ROCV only diminished LPS-stimulated TGF-β synthesis. On the other hand, BUSV more likely favored an enhancement of the LPS-induced production of IL-1β by macrophages. Additionally, while most of the viruses stimulated the production of IFN-α, none of them altered the production of TNF-α by murine macrophages. Interestingly, all viruses induced synthesis of NO that was not correlated with antiviral activity for ROCV.A família Flaviviridae, gênero flavivírus inclui vírus que são transmitidos para os vertebrados por mosquitos e carrapatos. O gênero flavivirus inclui uma variedade de vírus que causa doenças como febres, encefalites e febres hemorrágicas. Primeiramente, as flaviviroses infectam monócitos do sangue e macrófagos do tecido, o qual tem mostrado ser permissivo, suportando a replicação viral e servindo como reservatório de vírus. Por outro lado, essas células podem ter uma importante atividade antiviral relacionada à modulação pela produção de citocinas e pela capacidade destas células sintetizar reativos de radicais livres como óxido nítrico (NO o qual tem efeito microbicida. O presente estudo foi realizado a fim de determinar a produção de citocinas interleucina -1 beta (IL-1β, fator de necrose tumoral-alfa (TNF-α, fator de crescimento transformador-beta (TGF-β, interferon - alfa (IFN-α e NO pelos macrófagos infectados com os quatros flavivírus como vírus Bussuquara (BUSV, vírus da febre amarela (YFV, vírus Rocio (ROCV e vírus da Encefalite de Saint Louis (SLEV, e verificar o possível efeito antiviral de NO durante a infecção dos macrófagos com ROCV. Além disso, com os diferentes vírus foram capazes de regular o lipopolissacarídeo bacteriano (LPS indutor da produção de citocinas. Nossos resultados mostraram que YFV e SLEV reduziram a produção de IL-1β e TGF-β quando macrófagos foram estimulados pelo LPS, enquanto ROCV somente diminuiu a síntese de TGF-β estimulada pelo LPS. Entretanto, BUSV favoreceu uma acentuada produção de IL-1β pelos macrófagos estimulados pelo LPS, enquanto os vírus estimularam a produção de IFN-α, nenhum deles alterou a produção de TNF-α pelos macrófagos murinos. Interessantemente, todos os vírus induziram a síntese de NO que não esteve correlacionada com a atividade antiviral pelo ROCV.

  15. Evaluation of mitomycin-C effect on biodistribution of {sup 99m}Tc-dimercaptosuccinic acid in BALB/C mice; Avaliacao do efeito da mitomicina-c na biodistribuicao do radiofarmaco acido dimercaptosuccinico marcado com tecnecio-99m em camundongos BALB/C

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Gomes, Maria Luisa; Britto, Deise Mara de M.; Freitas, Rosimeire de S.; Bernardo-Filho, Mario [Instituto Nacional do Cancer, Rio de Janeiro, RJ (Brazil). Centro de Pesquisa Basica; Braga, Ana Cristina de S.; Bezerra, Roberto Jose A.C. [Universidade do Estado, Rio de Janeiro, RJ (Brazil). Inst. de Biologia Roberto Alcantara Gomes. Dept. de Biofisica e Biometria

    1999-11-01

    The many desirable characteristics of technetium-99m have stimulated the development of labeling techniques for different molecular and cellular structures. It is accepted that a variety of factors such the drug chemotherapy can alter the biodistribution of radiopharmaceuticals. The unknowledge of these factor may result in an unexpected behavior of the radiopharmaceuticals. Since patients on chemotherapeutic treatment can be submitted to a nuclear medicine procedure, we have studied in mice, the effect of mitomycin-C on the {sup 99m} Tc-DMSA used for kidney scintigraphy. Mitomycin-C is an antineoplastic agent obtained from Streptomyces caesptosus. The metabolism of this drug produces different toxic and inactive metabolites. Mitomycin-C 0.15 mg was administered in Balb/c female with an interval of 72 hours. After one hour of the last dose, 0.3 ml of 9{sup 9m}c-DMSA (7.4 MBq) were injected and after 0.5 h the animals were sacrificed. The organs were isolated and counted in a well counter. The percentage of radioactivity (%ATI) were calculated and statistical analysis were performed (Wilcoxon Test). The results have shown that the %ATI: has increased in stomach and uterus, has decreased in kidney and ovary; has not altered in pancreas, spleen, lung, heart, liver, thymus, thyroid, bone and brain. The increase of % ATI could be justified by the metabolic process or the therapeutical effect of mitomycin-C. As an effect of this drug is observed in the uptake of the {sup 99m} Tc-DMSA by the kidney, probably an alteration in the kidney scintigraphy is expected. However, the increase of %ATI of this radiopharmaceutical in other organs by the mitomycin-C could be evaluated carefully. (author) 12 ref., 2 tabs.

  16. Avaliação da ação do hidróxido de cálcio sobre LPS de Pseudomonas aeruginosa por meio da liberação de óxido nítrico e TNF-'ALFA' em cultura de macrófagos peritoneais de camundongos

    OpenAIRE

    Queiróz, Celso Emanoel de Souza [UNESP

    2001-01-01

    O autor avaliou a capacidade do hidróxido de cálcio em neutralizar o LPS de Pseudomonas aeruginosa, através de duas metodologias, a liberação de óxido nítrico e Fator de Necrose Tumoral Alfa (TNF-a) em cultura de macrófagos peritoneais de camundondos. O autor concluiu que o LPS bacteriano é um potente estimulador da produção de NO e TNF-a e que o tratamento deste LPS com hidróxido de cálcio causa sua inativação. It was evaluated the calcium hydroxide in neutalysing Pseudomonas aeruginosa's...

  17. Leukotriene pathway are involved in the anti-inflammatory effects of aerobic exercise on asthma?

    OpenAIRE

    Custódio, Ricardo Wesley Alberca

    2015-01-01

    Os leucotrienos (LTs) desempenham um papel central na fisiopatologia da asma. O exercício físico aeróbico tem demonstrado ser capaz de reduzir a inflamação asmática. Portanto, este estudo investigou se os efeitos anti-inflamatórios do exercício aeróbico ocorrem devido à inibição da via dos LTs. Quarenta camundongos BALB/c machos foram distribuídos em quatro grupos: Controle, Exercício, OVA e OVA+Exercício. Os camundongos foram sensibilizados e desafiados com ovalbumina. O treinamento aeróbico...

  18. Asociación de betabloqueantes y entrenamiento físico en la insuficiencia cardíaca de ratones

    OpenAIRE

    Vanzelli, Andréa Somolanji; Medeiros, Alessandra; Sirvente, Raquel de Assis; Salemi, Vera Maria Cury; Mady, Charles; Brum, Patricia Chakur

    2010-01-01

    FUNDAMENTO: O tratamento da insuficiência cardíaca (IC) conta atualmente com diversos tipos de intervenções. Dentre elas, destacam-se a terapia com betabloqueadores (BB) e o treinamento físico (TF). Contudo, os efeitos da associação dessas terapias são pouco estudados. OBJETIVO: Verificar os efeitos do tratamento com BB, metoprolol (M) e carvedilol (C) associados ao TF na IC em camundongos. MÉTODOS: Utilizamos modelo genético de IC induzida em camundongos por hiperatividade simpática. Inicial...

  19. IMUNIDADE CRUZADA PELAS SEMENTES DE Abrus precatorius E Ricinus communis EM BOVINOS Crossimmunity by the seeds of Abrus precatorius and Ricinus communis in cattle

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Hubinger Tokarnia

    1997-01-01

    Full Text Available Cinco bovinos imunizados contra a ação tóxica das sementes de Abrus precatorius L. ("tento", "jiquiriti" não adoeceram ou somente levemente pela administração das sementes de Ricinus communis L. ("mamona", em doses que em bovinos que antes nunca ingeriram sementes de A. precatorius ou R. communis, causaram intoxicação de intensidade de grau moderado a acentuado ou até a morte. Um sexto bovino, que não ficou bem imunizado contra a ação tóxica das sementes de A. precatorius, adoeceu em grau acentuado pela administração de dose elevada das sementes de R. communis. Já dos cinco bovinos imunizados contra a ação tóxica das sementes de R. communis quatro adoeceram em grau acentuado, oquinto em grau moderado, pela administração das sementes de A. precatorias em doses que em bovinos que antes nunca ingeriram sementes de R. communis ou A. precatorius causaram intoxicação de intensidade leve a acentuada. Estes resultados permitem concluir que bovinos imunizados contra a ação tóxica das sementes de A. precatorius são resistentes à ação tóxica das sementes de R. communis, mas que o contrário não ocorre, isto é, bovinos imunizados contra a ação tóxica das sementes de R. communis, não se mostraram protegidos contra a intoxicação por A. precatorius. Estudos anteriores por outros autores mostraram que as toxalbuminas de A. precatorius e R. communis, respectivamente abrina e ricina, são diferentes do ponto de vista antigênico. Uma explicação para a divergência desses resultados com os nossos poderia estar no fato de que no presente estudo foram usados poligástricos que receberam as sementes por via oral, enquanto que nos estudos anteriores foram usados monogástricos em que as sementes ou as toxinas foram aplicadas por via parenteral. A administração de folhas frescas ou do pericarpo do fruto de R. communis a bovinos imunizados contra a ação das sementes desta planta tiveram o mesmo efeito tóxico que em animais n

  20. Lesões pouco usuais na histopatologia experimental de arbovirus amazônicos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonidas Braga Dias

    1972-06-01

    Full Text Available São descritas as alterações histopatológicas observadas em camundongos infectados experimentalmente com os arbovirus Mucambo, EEE e Cocal. O virus Mucambo determinou lesões renais; o EEE demonstrou especial mesenquimotropismo; o virus Cocal lesões de topografia seletiva subependimária.

  1. Acute oral toxicity and cytotoxicological evaluation of the ethanol ...

    African Journals Online (AJOL)

    Lucas Nicolau

    2015-02-02

    Feb 2, 2015 ... hexânico de frutos de Melia azedarach (Meliaceae) em camundongos. Ciência Animal. 13(4):512-519. Löfgren SE, Miletti LC, Steinde ML, Bachére DE, Barraco MA (2008). Trypanocidal and leishmanicidal activities of different antimicrobial peptides (AMPs) isolated from aquatic animals. Exp. Parasitol.

  2. Serological response in rabbits immunized with Pythium insidiosum antigens associated with different adjuvants

    OpenAIRE

    Leal, Alexandre Trindade; Santurio, Janio Morais; Leal, Adriana Bardemaker Monteiro; Pinto, Alexandre Machado; Griebeler, Josiane; Flores, Eduardo Furtado; Ferreiro, Laerte; Catto, João Batista

    2002-01-01

    O Pythium insidiosum é um fungo zoospórico que se desenvolve em locais alagadiços e que pode infectar humanos e animais, principalmente eqüinos. A infecção natural nesta espécie resulta em pitiose clínica, uma doença granulomatosa de difícil tratamento. Uma das opções terapêuticas é a imunoterapia com antígenos obtidos de culturas do agente. Com o objetivo de avaliar o efeito de adjuvantes na resposta sorológica a antígenos do P. insidiosum, 24 coelhos divididos em 4 grupos foram imunizados c...

  3. Estudo imunobiológico de estoques de Trypanosoma cruzi isolados de pacientes na fase aguda da doença de Chagas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    T.L. Kipnis

    1983-12-01

    Full Text Available Estoques de tripanossomas isolados de pacientes na fase aguda da doença de Chagas foram injetados em grupos de camundongos albinos não isogênicos nas doses de 10³, 10(4 e 10(5 parasitas/camundongos. O curso da infecção foi seguido por três meses. A pctrasitemia foi em geral baixa, com picos recorrentes, na maioria das vezes os animais evoluiam para cronicidade. Somente um estoque induziu alto índice de mortalidade. Os parasitas e as lesões apesar de detectadas no pico da parasitemia e restritos ao coração estavam ausentes aos três meses. Nesta época os perfis de Igs apresentaram diferenças marcantes. Grupos de animais que foram inoculados com estes estoques foram desafiados com doses letais da cepa Y ou CL. Em alguns casos obteve-se uma parasitemia, mas patente.

  4. OBSERVAÇÃO SOBRE O DESENVOLVIMENTO DE PLACENTA EM ALGUNS ROEDORES

    OpenAIRE

    Mariana Sincai; Adrian Marcu

    1994-01-01

    RESUMO A placenta do cobaio, rato, camundongo e ratão do banhado (Myocastor coypus) foram estudadas e revelaram aspectos interessantes. A placenta nestas espécies é do tipo discoidal no início da gestação e após a união entre a mucosa uterina com as vilosidades coriônicas passa a ser do tipo hemocorial. O exame microscópico da placenta da cobaia e do ratão do banhado era do tipo multilobular, enquanto que a placenta do rato e do camundongo parece a metade de um lóbulo da placenta de cobaia e ...

  5. O envolvimento do estresse oxidativo e nitrosativo em modelo de doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) induzido por elastase

    OpenAIRE

    Manuella Lanzetti Daher de Deus

    2012-01-01

    Esse estudo buscou investigar o papel do estresse oxidativo e nitrosativo no enfisema pulmonar induzido por elastase. Foram utilizados camundongos machos C57BL/6 submetidos a dois modelos de indução do enfisema por elastase pancreática suína (PPE): intratraqueal (i.t.) e intranasal (i.n.). No modelo intratraqueal a PPE foi instilada nas doses de 0,05 U ou 0,5 U/camundongo para avaliação temporal do enfisema 7, 14 e 21 dias após instilação de PPE. Em outra etapa, o papel da iNOS foi avaliado a...

  6. Estudo toxicológico pré-clínico agudo com o extrato hidroalcoólico das folhas de Cissus sicyoides L. (Vitaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tereza Helena Cavalcanti de Vasconcelos

    Full Text Available O estudo objetivou realizar ensaio toxicológico pré-clínico inicial para investigar a toxicidade da planta. Na investigação da DL50 foram utilizados grupos de camundongos Swiss machos (n = 10 submetidos a doses de 5,0 g/kg, via oral, e dose de 2,0 g/kg por via intraperitoneal, da fração aquosa das folhas (FAF de Cissus sicyoides L. Foi retirado sangue através do plexo braquial após sete dias, para análise laboratorial de parâmetros hematológicos e bioquímicos. No estudo anatomopatológico, os animais foram examinados macro e microscopicamente, com ressecção de pulmão, coração, fígado e rins. Para análise dos dados foram utilizadas técnicas de estatística descritiva e inferencial. Na avaliação dos parâmetros hematológicos e bioquímicos dos camundongos Swiss, foram detectadas alterações nas transaminases AST e ALT e na fosfatase alcalina (FAL, caracterizando as alterações hepáticas demonstradas no estudo histopatológico. Na avaliação histológica do fígado de camundongos, evidenciou-se hepatite reacional com portite linfocitária crônica e lobular multifocal, hiperplasia kupferiana, colapsos focais da trama reticular, ausência de fibrose portal e lobular. O estudo toxicológico pré-clínico agudo demonstrou em camundongos alterações hepáticas.

  7. Patogenicidade e virulência de Toxoplasma gondii isolado de suínos de criação artesanal no sul do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Plínio Aguiar de Oliveira

    2014-12-01

    Full Text Available Estudos com Toxoplasma gondii em suínos são relevantes porque seus produtos e subprodutos fazem parte da cadeia alimentar do ser humano. As principais vias de transmissão deste agente são o carnivorismo, fecal-oral e congênita. Seis isolados de Toxoplasma gondii de suínos de criação artesanal foram avaliados quanto à patogenicidade e virulência em camundongos suíços albinos. A suspensão de taquizoítos utilizada nos testes foi obtida através da punção ou lavagem da cavidade peritoneal de camundongos que apresentaram ascite. Cada amostra foi inoculada em grupos de cinco camundongos, com inóculo de 10¹, 10², 10³, 10(4, 10(5 e 10(6 taquizoítos vivos, via intraperitoneal. Dos isolados, 50% (3/6 foram letais e causaram sinais clínicos nos camundongos. A dose mínima letal foi de 10³ taquizoítos. A morte dos animais que apresentaram infecção aguda ocorreu entre 12 e 26 dias após a inoculação. Todos os isolados da região estudada apresentam alta capacidade de formar cistos, o que pode aumentar o risco de infecção pela ingestão de tecidos dos animais infectados pelos mesmos.

  8. Infecção natural do rato, Oryzomys nigripes (Desmarest. 1819 pelo T. cruzi

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosa Domingues Ribeiro

    1972-02-01

    Full Text Available Os autores, após uma revisão dos achados de roedores da família Cricetidae e do gênero Oryzomys infectados pelo T. cruzi, assinalam a infecção de um exemplar do rato, Oryzomys nigripes (Desmarest, 1819, capturado no Bairro da Ilha, município de Salto de Pirapora, Estado de São Paulo, Brasil, e cuja amostra de T. cruzi foi isolada através do xenodiagnóstico. O tripanossomo em estudo mostrou-se patogênico para ratos Wistar e camundongos brancos jovens, infectando 100,0% dos animais inoculados. As formas sanguícolas nos camundongos têm 24,25μ. de comprimento total médio e 1,27μ, de índice nuclear médio. Nos animais sacrificados durante a fase aguda da infecção ninhos de leishmânias foram observados, em fibras cardíacas. A infecção experimental de camundongos inoculados com sangue parasitado é leve, com período prepatente relativamente longo (média de 7,1 dias, com baixa parasitemia, e duração da fase aguda variando de 55 a 64 dias. Provas de proteção mostraram que a amostra em estudo confere aos camundongos que sobreviveram alto grau de resistência contra reinfecções pela amostra Y. O tripanossomo cultiva-se bem em meio de Mac Neal - Novy e em meio líquido de Warren. Infecta regularmente triatomíneos, dando os seguintes índices de infecção: P. megistus - 100,0%, T. infestans - 76,7%, T. sórdida - 86,7%o e R. neglectus - 100,0%.

  9. Behavior in Mus musculus of Schistosoma mansoni from mollusks treated with hydrocortisone Comportamento em Mus musculus do Schistosoma mansoni oriundo de moluscos tratados com hidrocortisona

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Deborah Regina Serrano

    2005-10-01

    Full Text Available Twenty mice were exposed to cercariae from mollusks treated with hydrocortisone and another 20 mice received cercariae from non-treated mollusks. The behavior of the parasites from the two groups of mollusks was compared based on the ability of cercariae to penetrate mice, on the total number of worms recovered after eight weeks of infection, on the relationship between the number of penetrating cercariae and the number of recovered worms and on the number of eggs in the feces. Treating the mollusks with hydrocortisone did not alter the ability of cercariae to penetrate mice nor did it affect the total number of worms recovered. The number of female worms, the number of coupled worms and the number of eggs in the feces were greater in mice infected by cercariae from mollusks treated with hydrocortisone.Vinte camundongos foram expostos a cercárias oriundas de moluscos tratados com hidrocortisona e outros vinte receberam cercárias de moluscos não tratados. O comportamento dos parasitas dos dois grupos foi comparado com base na habilidade das cercárias em penetrar nos camundongos, no número total de vermes recuperados, após oito semanas de infecção, na relação entre o número de cercárias penetrantes e o número de vermes recuperados e o número de ovos nas fezes. O tratamento dos moluscos com hidrocortisona não alterou a habilidade das cercárias em penetrar nos camundongos nem afetou o número total de vermes recuperados. O número de vermes fêmeas, o número de vermes acasalados e o número de ovos nas fezes aumentaram em camundongos infectados por cercárias de moluscos tratados com hidrocortisona.

  10. Extratos de Curcuma longa L. e Kalanchoe brasiliensis Camb. no tratamento local do envenenamento por Bothrops alternatus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    F. V. Fonseca

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo a utilização dos extratos aquosos das plantas Curcuma longa e Kalanchoe brasiliensis na terapêutica tópica complementar do envenenamento botrópico experimental em camundongos, visando a antagonização dos efeitos locais (edema, hemorragia e necrose provocados pelo veneno. O experimento mostrou que os melhores resultados foram obtidos com o extrato de Kalanchoe brasiliensis.

  11. Avaliação do uso de pomada à base de sementes de jaqueira (Artocarpus heterophyllus Lam na terapêutica tópica de feridas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R. N.L. Vitorino Filho

    2009-07-01

    Full Text Available As propriedades cicatrizantes da jaqueira (Artocarpus heterophyllus Lam são atribuídas a uma proteína encontrada na semente de sua fruta que, em casos de queimaduras de pele, proporciona a regeneração do tecido danificado em vez da substituição por tecido conjuntivo fibroso. Objetivando avaliar macro e microscopicamente o efeito da pomada formulada com o pó obtido a partir de sementes de jaca na cicatrização, por segunda intenção, de feridas cutâneas em camundongos, limpas e infectadas experimentalmente por Staphylococcus aureus, realizou-se o estudo em 96 camundongos nos quais foram feitas feridas experimentais na região dorso-lateral. Cada grupo, com 12 animais, recebeu um tipo de tratamento. O grupo GI serviu como controle para feridas limpas, o grupo GII foi o controle para feridas infectadas e os demais foram tratados topicamente com pomada à base de semente de jaca em diferentes esquemas de administração. Os animais foram avaliados diariamente e sacrificados cinco, 10 e 13 dias após a cirurgia, sendo removido o tecido cicatricial e circunjacente para avaliação histológica. Os resultados mostraram que não houve diferença estatisticamente significativa entre os tratamentos. Palavras-chave: camundongos; cicatrização; feridas; jaca; Artocarpus heterophyllus Lam; lectina.

  12. Infecção experimental de morcegos hematófagos Desmodus rotundus (E. Geoffroy mantidos em cativeiro e alimentados com sangue desfibrinado adicionado de vírus da raiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Conceição Aparecida Macedo Souza

    2009-04-01

    Full Text Available Em morcegos hematófagos, o hábito de compartilhar alimento poderia contribuir na transmissão oral do vírus da raiva. Para verificar esta hipótese, 10 morcegos Desmodus rotundus em cativeiro foram alimentados com sangue suíno desfibrinado, contendo suspensão de cérebros de camundongos infectados com vírus rábico PV. Outros 10 camundongos receberam sangue contendo suspensão cerebral de camundongos infectados com vírus de morcego hematófago (T-9/ 95. Um grupo de 10 camundongos foi inoculado intramuscularmente com suspensão de vírus T-9/95. Outros 20 morcegos foram mantidos sem tratamento e alimentados com sangue desfibrinado por 158 dias. Todos os animais encontrados mortos durante o período de observação ou sacrificados no final do experimento foram necropsiados e os cérebros e órgãos não-nervosos foram colhidos para a confirmação da raiva. Quatro morcegos inoculados intramuscularmente apresentaram raiva clínica, com sinais persistindo por 1-2 dias e os períodos de sobrevivência variaram de 11-14 dias. O diagnóstico da raiva inicialmente foi realizado somente com os fragmentos do cérebro, submetendo-os às provas de imunoflurescência direta (IFD e inoculação em camundongos (IC. Subseqüentemente, os cérebros e os órgãos não-nervosos foram reexaminados com as técnicas de IFD, IC e heminested-polymerase chain reaction (ht-PCR. A ingestão do vírus PV causou raiva em dois morcegos, com período de sobrevivência de 25 e 32 dias, enquanto que os três morcegos que ingeriram o isolado T-9/95 apresentaram períodos de 26-31 dias. Embora encontrando resultados discrepantes entre as técnicas diagnósticas utilizadas, os vírus ingeridos pelos morcegos foram detectados no sistema nervoso central e outros órgãos não-nervosos, como nos morcegos inoculados intramuscularmente.

  13. Effect of medicinal plants on the parasitemia of Trypanosoma cruzi and on the biodistribution of sodium pertechnetate (Na99mTcO4

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roseane Pereira da Silva

    2008-12-01

    Full Text Available Artemisia vulgaris (AV is an antihelmintic and antimalarial drug; Aloe vera(babosa acts as antidiabetic, laxative and anti-inflammatory;Benznidazole (BZ is a trypanocidal of Trypanosoma cruzi (TC. Technetium-99m (99mTc has been used in nuclear medicine to obtain diagnostic images. This study evaluated the plant effects in TC parasitemia and on the biodistribution of 99mTc in mice. Twenty mice were infected by TC. At the peak of parasitemia, 5 mice received babosa; 5 received AV and 5 received BZ. The parasitemia was determined at 0, 2, 4 and 6 h of drugs administration. Five infected mice without drugs, 5 mice without TC and the group treated with AV, received 99mTc. The radioactivity was calculated. Infected mice that received babosa reduced significantly (pA Artemisia vulgaris (AV é uma planta com atividades antihelmíntica e antimalárica. Aloe vera (babosa tem ação antidiabética, laxante e anti-inflamatória. Benzonidazol (BZ é uma droga tripanosomicida contra o Trypanosoma cruzi (TC, agente da doença de Chagas. Tecnécio-99m (99mTc tem sido usado na medicina nuclear para obtenção de imagens diagnósticas. Este estudo avaliou o efeito de plantas na parasitemia do TC e na biodistribuição do 99mTc em camundongos. Vinte camundongos foram infectados por TC. No pico da parasitemia, 5 camundongos receberam babosa; 5 receberam AV e 5 receberam BZ. A parasitemia foi determinada durante os tempos 0, 2, 4 e 6 horas após administração das drogas. Cinco camundongos infectados e não tratados, 5 camundongos não infectados e o grupo tratado com AV receberam 99mTc, na forma de pertecnetato de sódio. A radioatividade foi calculada. Os animais infectados que receberam babosa reduziram significativamente (p<0.05 a parasitemia. A porcentagem da radioatividade por grama (%ATI/g diminuiu significativamente no grupo tratado com AV. Estes resultados indicam que a babosa possivelmente é uma droga anti-TC e a AV reduz a %ATI/g provavelmente devido

  14. Eosinophil levels in the acute phase of experimental chagas' disease Níveis de eosinófilos na fase aguda da doença de Chagas experimental

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Cristina Nakhle

    1989-12-01

    Full Text Available Eosinophil dynamics, in bone marrow, blood and peritoneal exudate, of resistant C57B1/6 (C57 and susceptible A/Snell (A/Sn mice was comparatively studied during the acute phase of infection by Trypanosoma cruzi Y strain. A decline was observed in bone marrow eosinophil levels in A/Sn, but not in C57 mice, soon after infection, those of the former remaining significantly below those of the latter up to the 4th day of infection. Bone marrow eosinophil levels of C57 mice declined subsequently to levels comparable to those of A/Sn mice, the number of these cells in this compartment remaining 50% those of non infected controls, in both strains, up to the end of the experiment on the 14th day of infection. The fluctuations in eosinophil levels in blood and peritoneal space were similar in both mice strains studied. Concomitantly with depletion of eosinophils in the marrow, depletion in blood and a marked rise of these cells in the peritoneal space, initial site of infection, occurred in both strains. The difference in eosinophil bone marrow levels, between C57 and A/Sn mice, observed in the first four days of infection, suggests a higher eosinopoiesis capacity of the former in this period, which might contribute to their higher resistance to T. cruzi infection.A dinâmica de eosinófilos, na medula óssea, sangue e exsudato peritoneal, de uma linhagem de camundongos resistente (C57B1/6 e de uma susceptível (A/Snell foi comparativamente estudada durante a fase aguda da infecção com a cepa Y do Trypanosoma cruzi. Foi observada uma queda nos níveis de eosinófilos da medula óssea nos camundongos A/Sn, mas não nos C57, logo após a infecção, os dos primeiros permanecendo significativamente abaixo dos níveis dos últimos até o 4? dia de infecção. Os níveis de eosinófilos da medula óssea nos camundongos C57 caíram subseqüentemente a níveis próximos aos dos camundongos A/Sn, o número destas células neste compartimento permanecendo em

  15. Acidentes de trabalho com material biológico ocorridos em municípios de Minas Gerais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata Siqueira Julio

    2014-01-01

    Full Text Available O objetivo do estudo foi identificar o perfil dos acidentes com exposição a material biológico ocorridos em Minas Gerais. Estudo descritivo, transversal realizado por meio de consulta ao Sistema de Informação de Agravos de Notificação de 50 municípios do sul do Estado de Minas Gerais, Brasil, no período de 2007-2011. Foram registrados 460 acidentes, sendo que cerca da metade ocorreram entre auxiliares e técnicos de enfermagem, seguidos por enfermeiros e médicos. Houve predomínio dos acidentes ocorridos devido ao descarte inadequado de material perfurocortante. Entre os pacientes-fonte, verificou-se uma prevalência de 8,0% de sorologia reagente para o HIV; 1,0% para HBsAg; 6,0% para anti-HBC e 3% para o anti-HCV. Entre os acidentados, 14,0% não estavam imunizados para hepatite B, contudo, a prescrição de vacina e imunoglobulina foi inferior à necessidade. Os resultados subsidiarão o planejamento de ações preventivas e de novas condutas diante da ocorrência desse tipo de acidentes.

  16. Atypical subacute sclerosing panencephalitis: case report Panencefalite esclerosante subaguda: relato de caso atípico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Maroco Cruzeiro

    2007-12-01

    Full Text Available Subacute sclerosing panencephalitis (SSPE is a progressive inflammatory disorder of the central nervous system with both poor prognosis and high mortality. The disease has been related to a persistent and aberrant measles virus infection and no effective treatment has been available. We report a case of SSPE with atypical features including seizures at onset and a fulminant course in a 8 years-old boy who had been previously immunized against measles.Panencefalite esclerosante subaguda (PES é uma doença inflamatória e progressiva do sistema nervoso central com prognóstico reservado e alta mortalidade. A doença tem sido relacionada com a infecção persistente e anormal pelo vírus do sarampo e não há tratamento específico disponível. Relatamos um caso de PES com características atípicas representadas por início do quadro com crises convulsivas e apresentação fulminante em menino de 8 anos previamente imunizado contra o vírus do sarampo.

  17. Remodelamento miocárdico após grandes infartos converte potenciação pós-pausa em decaimento da força em ratos Miocárdio remodelado después de grandes infartos en ratas convierte potenciación post-pausa en disminucion de la fuerza Myocardial remodeling after large infarcts in rat converts post rest-potentiation in force decay

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Danilo Sales Bocalini

    2012-03-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A Contração Pós-Repouso (CPR do músculo cardíaco fornece informações indiretas sobre a manipulação de cálcio intracelular. OBJETIVO: Nosso objetivo foi estudar o comportamento da CPR e seus mecanismos subjacentes em camundongos com infarto do miocárdio. MÉTODOS: Seis semanas após a oclusão coronariana, a contratilidade dos Músculos Papilares (MP obtidos a partir de camundongos submetidos à cirurgia sham (C, n = 17, com infarto moderado (MMI, n = 10 e grande infarto (LMI, n = 14, foi avaliada após intervalos de repouso de 10 a 60 segundos antes e depois da incubação com cloreto de lítio (Li+ em substituição ao cloreto de sódio ou rianodina (Ry. A expressão proteica de SR Ca(2+-ATPase (SERCA2, trocador Na+/Ca2+ (NCX, fosfolambam (PLB e fosfo-Ser (16-PLB foi analisada por Western blotting. RESULTADOS: Os camundongos MMI apresentaram potenciação de CPR reduzida em comparação aos camundongos C. Em oposição à potenciação normal para camundongos C, foram observadas degradações de força pós-repouso nos músculos de camundongos LMI. Além disso, a Ry bloqueou a degradação ou potenciação de PRC observada em camundongos LMI e C; o Li+ inibiu o NCX e converteu a degradação em potenciação de CPR em camundongos LMI. Embora os camundongos MMI e LMI tenham apresentado diminuição no SERCA2 (72 ± 7% e 47 ± 9% de camundongos controle, respectivamente e expressão protéica de fosfo-Ser16-PLB (75 ± 5% e 46 ± 11%, respectivamente, a superexpressão do NCX (175 ± 20% só foi observada nos músculos de camundongos LMI. CONCLUSÃO: Nossos resultados mostraram, pela primeira vez, que a remodelação miocárdica pós-IAM em camundongos pode mudar a potenciação regular para degradação pós-repouso, afetando as proteínas de manipulação de Ca(2+ em miócitos.FUNDAMENTO: La Contracción pos pausa (CPP del músculo cardíaco provee informaciones indirectas sobre la manejo del calcio intracelular. OBJETIVO

  18. Estudo das propriedades físico-químicas e avaliação da toxicidade aguda do extrato etanólico das folhas de Mikania glomerata Sprengel

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L.C.L.R. Santana

    2014-01-01

    Full Text Available A Mikania glomerata é uma planta pertencente à família Asteraceae que é bastante utilizada na medicina popular devido às suas ações broncodilatadora, antiasmática, expectorante e antitussígena. O objetivo do presente estudo foi determinar as propriedades físico-químicas do pó obtido a partir das folhas de M. glomerata, bem como, avaliar a toxicidade em camundongos após tratamento agudo com doses repetidas do extrato etanólico padronizado preparado a partir das folhas dessa espécie. Durante o estudo das propriedades físico-químicas do pó obtido a partir das folhas de M. glomerata foram feitas as determinações da densidade bruta e de compactação, do teor de cinzas totais, do teor de umidade, e da granulometria. De acordo com os resultados obtidos podemos sugerir que o pó pode ser usado na formulação de uma forma farmacêutica sólida. Na segunda parte do estudo foi determinada a Dose Letal 50% (DL50, bem como, realizada a análise morfológica macroscópica e avaliados a toxicidade aguda com doses repetidas e os parâmetros bioquímicos e hematológicos de camundongos. De acordo com os dados obtidos na segunda parte deste estudo podemos sugerir que o extrato etanólico pode ser usado de forma segura em humanos, uma vez que apresentou valor de DL50 de aproximadamente 3000 mg Kg-1, bem como, não produziu nenhuma alteração morfológica nos principais órgãos, e nem provocou alterações nos parâmetros bioquímicos e hematológicos de camundongos.

  19. Esquistossomose mansônica. I - evolução do quadro patológico: análise parasitológica, hematológica e histopatológica Schistosomiasis mansoni. I - evolution of the pathologic picture: parasitologic, hematologic, and histopathologic analyses

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ajax Mercês Atta

    1981-02-01

    Full Text Available Com o objetivo de acompanhar a evolução da infecção bissexual primária de camundongos por S. mansoni, foram infectados camundongos Swiss com 100 cercárias da linhagem mineira (BH de Schistosoma mansoni. A evolução da infecção foi acompanhada por um período de 8 semanas. Foi verificada uma relação entre o número de granulomas hepáticos e o número de vermes totais. O ganho de peso corporal, o peso do baço e a percentagem do peso do fígado em relação ao peso corporal foram diferentes quando comparados os animais infectados e controles. O quadro leucocitário dos camundongos infectados apresentou alterações no número de leucócitos totais, neutrófilos e linfócitos. Os exames histológicos do baço e do fígado revelaram alterações nestes órgãos de acordo com a fase da infecção.In order to accompany the evolution of primary bisexual inifection of mice by Schistosoma mansoni, Swiss mice were infected with 100 cercariae of the Belo Horizonte strain of Schistosoma mansoni, and the infection's evolution was followed for eight weeks. A relationship between the number of hepatic granulomas and the number of worms was verified. Body weight gain, spleen, and the percentage of the liver weight in relation to body weight were different when compared to infected and control animals. White blood cells in the infected mice presented alterations in the total number of leukocytes, neutrophils, and lymphocytes. The histologic analyses of the spleen and liver revealed alterations in these organs; these alterations varied according to the stage of infection.

  20. Atividade antiparasitária do artemether na esquistossomose mansônica experimental

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lescano Susana Zevallos

    2004-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o efeito da administração intramuscular de artemether a camundongos infectados experimentalmente por Schistosoma mansoni no momento da infecção, durante a maturação dos esquistossômulos e após iniciada a oviposição. MÉTODOS: Oitenta camundongos Balb/c, fêmeas adultas, foram divididos em oito grupos com 10 animais cada. Sete grupos foram infectados por S. mansoni empregando-se 60 cercárias para cada animal, inoculadas por via subcutânea; o grupo restante foi mantido sem infecção. Entre os sete grupos infectados, seis foram tratados com artemether, segundo o seguinte esquema: três grupos receberam dose correspondente a 100 mg/kg no dia 0, 20 ou 60 após inoculação das cercárias; os demais receberam 50 mg/kg de artemether, no mesmo período que os lotes anteriores. Da 9feminine, 10feminine e 11feminine semanas após infecção os camundongos infectados por S. mansoni foram submetidos a exames de fezes pela técnica de Kato-Katz. No 80masculine dia do experimento, os animais sobreviventes foram sacrificados e submetidos à perfusão do sistema porta para recuperação de vermes. Determinaram-se, nessa ocasião, os pesos corporal, hepático e esplênico de cada animal. RESULTADOS: Observou-se queda na oviposição e no número de vermes recuperados entre os camundongos tratados com artemether (50 ou 100 mg/kg no 20masculine dia após infecção. A diminuição do número de vermes foi mais expressiva no caso de fêmeas de S. mansoni. Verificou-se, ainda, diminuição significativa nos pesos hepático e esplênico entre os animais tratados com 50 e 100 mg/kg de artemether no 20masculine dia e também entre os que receberam a droga na dose de 50 mg/kg 60 dias após infecção. CONCLUSÕES: Ficou evidenciada a atividade anti-Schistosoma do artemether, mesmo ao se empregar dose correspondente a 50 mg/kg, quando a droga foi administrada durante o período de maturação dos esquistossômulos no sistema porta do

  1. Observações complementares sôbre a presença do Toxoplasma gondii na saliva de pacientes com toxoplasmose

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guido Carlos Levi

    1968-12-01

    Full Text Available Através de inoculação no peritônio de camundongos, demonstraram, os autores a presença do Toxoplasma gondii na saliva de 12 (60% indivíduos com toxoplasmose, em estudo no qual 20 doentes foram considerados. Esta verificação é comunicada como complementação a outra, anterior e preliminar, relativa ao mesmo assunto. A importância da presença do parasito na saliva mereceu destaque, em virtude do significado que ela pode ter em relação à transmissão da toxoplasmose.

  2. Abdominal and pelvic ultrasonography in healthy Golden Retriever dogs, carriers and affected by gradual muscular dystrophy

    OpenAIRE

    Angélica Paula Grando

    2005-01-01

    A distrofia muscular de Duchenne (DMD) é a miopatia mais comum em humanos. Constitui urna doença genética de herança recessiva, ligada ao cromossomo X, caracterizada por necrose e regeneração muscular. O modelo animal da distrofia muscular de Duchenne mais estudado é o camundongo mdx, porém, um modelo canino da raça Golden Retriever com mutação semelhante tem se mostrado superior ao mdx, pois apresenta impressionantes similaridades fenotípicas e genotípicas com a DMD em humanos. Procurando co...

  3. Protective mechanisms of muscular dystrophy : proteomic study and pharmacological therapy

    OpenAIRE

    Cintia Yuri Matsumura

    2012-01-01

    Resumo: Na Distrofia Muscular de Duchene (DMD) e em seu modelo experimental, camundongos mdx, a ausência ou disfunção da proteína distrofina leva a degeneração muscular. Acredita-se que a patogênese da DMD esteja relacionada à fragilidade do sarcolema, ao estresse mecânico e ao maior influxo de íons cálcio na fibra muscular resultante do funcionamento anormal de canais iônicos, como os canais de cálcio ativados por estiramento. O conhecimento das proteínas envolvidas na degeneração/regeneraçã...

  4. Avaliação da participação de receptores do tipo toll na indução de resposta imune por Lactobacillus delbrueckii UFV H2b20 .

    OpenAIRE

    Freitas, Leonardo Santos de

    2007-01-01

    O uso de bactérias probióticas como adjuvantes de vacinas tem sido considerado uma importante estratégia para o aumento de eficácia desta ferramenta de combate às mais diversas patologias. Trabalhos recentes realizados com o candidato a adjuvante, Lactobacillus delbrueckii UFV H2b20, demonstraram sua capacidade de induzir, in vitro, a produção das citocinas pró-inflamatórias IFN-γ, TNF-α e IL-12 por esplenócitos de camundongos BALB/c e células mononucleare...

  5. Evidences against a significant role of Mus musculus as natural host for Angiostrongylus costaricensis Evidências contrárias a um papel significativo de Mus musculus como hospedeiro natural do Angiostrongylus costaricensis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Teixeira dos Santos

    1996-06-01

    Full Text Available Wild rodents have been described as the most important hosts for Angiostrongylus costaricensis in Central America and southern Brazil. Sinantropic rodents apparently do not play a significant role as natural hosts. A search for natural infection failed to document worms in 14 mice captured in the house of a patient with diagnosis of abdominal angiostrongylosis and experimental infection of a "wild" Mus musculus strain and groups of albino Swiss mice were carried out. Mortality was not significantly different and varied from 42% to 80% for Swiss mice and from 26% to 80% for "wild" mice. The high mortality of a "wild" M. musculus infected with A. costaricensis was very similar to what is observed with most laboratory mice strains. These data may be taken as indications that M. musculus is not a well adapted host for A. costaricensis, although susceptibility was apparently higher with "wild" populations of M. musculus as compared to Swiss strain.Roedores silvestres tem sido descritos como os hospedeiros mais importantes do Angiostrongylus costaricensis na América Central e no Brasil. Roedores sinantrópicos aparentemente não desempenham um papel significativo como hospedeiros naturais. Relata-se a pesquisa negativa para infecção em 14 camundongos capturados na casa de um doente com diagnóstico de angiostrongilose abdominal e dados da infecção experimental de animais de uma cepa "natural" de Mus musculus e de camundongos albinos Swiss. Não houve diferença significativa de mortalidade, que variou entre 42% e 80% para a cepa Swiss e 26% e 80% para a cepa " natural" (RGS. A alta mortalidade dos camundongos RGS infectados com A. costaricensis foi semelhante ao que é observado com várias cepas de laboratório. Estes dados podem ser tornados como indicações de que Mus musculus não é hospedeiro bem adaptado ao A. costaricensis, embora a susceptibilidade de camundongos "naturais" pareça ser maior, quando comparados com a cepa Swiss.

  6. Liver and serum soluble protein changes and pathomorphology in undernourished mice with acute Schistosomiasis mansoni

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eridan M. Coutinho

    1991-12-01

    Full Text Available Body, liver and spleen weights; histopathology of the liver, spleen and intestines; hepatic and serum soluble proteins changes were the parameters studied in undernourished Swiss albino mice experimentally infected with S. mansoni. Non-infected deficient animab had lower liver/body weight and spleen/body weight ratios as compared to the controls (22.60% casein group. Infected mice showed higher values regardless the type of diet. Undernourished infected subgroup showed a persistent exudative periovular reaction in the liver. Soluble hepatic proteins content and serum protein fractions appeared to be lower in the deficient infected mice. A significant difference was detected in the gammaglobulin fraction between infected and non-infected animals fed the control diet with higher values for the former. Our data suggest that the effects of malnutrition, per se, are sometimes more detrimental to the host than those due to Manson 's schistosomiasis.No presente estudo os pesos corporal, hepático e esplénico; a morfologia patológica do fígado, baço e intestinos; e as modificações das proteínas solúveis hepáticas e séricas, foram os parâmetros investigados em camundongos albinos Suíços desnutridos e infectados com S. mansoni. Os animais desnutridos não infectados apresentaram relações fígado/peso corporal e baço! peso corporal com valores menores do que os animais controles (grupo caseina a 22,60%. Camundongos infectados mostraram esses índices mais elevados, independentemente do tipo de dieta. O subgrupo de camundongos desnutridos infectados apresentou, no fígado, reação periovular exsudativa persistente. O conteúdo de proteínas solúveis no fígado e no soro também mostrou-se reduzido nos camundongos infectados desnutridos. Diferença significativa foi detectada quanto às gamaglobulinas, comparando-se animais infectados com não infectados alimentados com a dieta controle II, valores mais altos ocorrendo no grupo dos

  7. Biological and immunological studies of five Brazilian rabies virus isolates

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Bernardi

    2005-08-01

    Full Text Available Estudou-se em camundongos aspectos do comportamento biológico de amostras brasileiras de virus rábico isoladas de cão, bovino, eqüino, morcegos hematófago e insetívoro. Observou-se transmissão oral em camundongos alimentados com cérebros infectados de morcego insetívoro (8,82%, cão (8,57% e eqüino (3,03%. O período de incubação médio para todas as amostras foi de 6 dias após a inoculação intracerebral, com sintomas variando, desde hiperexitabilidade (amostra canina, paralisia progressiva principalmente de membros posteriores e maior duração do curso clínico até a morte (eqüino e morte repentina, sem sintomas aparentes (morcego insetívoro. Pela imunoistoquímica detectou-se produção de IFN nos cérebros dos camundongos inoculados com amostra de bovino e morcego insetívoro, TNF e iNOS nos animais infectados com amostra de cão, bovino e morcego insetívoro e reação astrocitária com aumento da expressão de GFAP em todas as cinco amostras. A eficácia de 2 vacinas comerciais inativadas, uma nacional e outra importada, para a proteção contra a infecção experimental em camundongos foi avaliada através dos testes NIH e CDC, usando as amostras de campo para o desafio. Não houve diferença significativa entre o desempenho das vacinas, quando comparadas para um mesmo teste de potência e amostra de desafio sugerindo que não há necessidade de se produzir vacinas com amostras isoladas de campo.

  8. Alterações do pericárdio na fase crônica da tripanossomíase cruzi humana e nas fases aguda e crônica da moléstia experimental

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P. Raso

    1971-06-01

    Full Text Available Os Autores estudam as alterações do pericárdio, especialmente do pericárdio visceral na cardiopatia chagásica, confrontando-se com as alterações, observadas em outras cardiopatias (reumáticas e hipertensivas. Analisam as alterações pericárdicas no camundongo experimentalmente infectado e discutem especialmente a natureza e a gênese das lesões, a evolução e a correlação dos vários aspectos morfológicos entre si.

  9. Caracterização agronômica, molecular e fitoquímica de Eplingiella Harley & J.F.B. Pastore

    OpenAIRE

    Silva, Anderson de Carvalho

    2015-01-01

    Eplingiella fruticosa (Salzm. ex Benth.) Harley & J.F.B. Pastore é uma espécie aromática, nativa, que ocorre em seis estados do nordeste brasileiro (Bahia, Sergipe, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará). Popularmente conhecida como “alecrim de vaqueiro”, é comumente encontrada em feiras livres da região e utilizada no combate a dores e convulsões. Avaliações em camundongos e in vitro comprovam atividades analgésicas, vasodilatadora, cardioprotetiva, antinflamatória e larvicida do ...

  10. Betametasona e extrato aquoso de Arctium lappa no tratamento da angiostrongilíase Betamethasone and aqueous extract of Arctium lappa for treating angiostrongyliasis

    OpenAIRE

    Camila Argenta Fante; Solange Dieterish; Rubens Rodriguez

    2008-01-01

    Angiostrongylus costaricensis é um parasita que causa angiostrongilíase abdominal em humanos, seu tratamento inclui o uso de antiinflamatórios apesar da falta de estudos que justifiquem esta conduta. O objetivo deste artigo é avaliar o efeito da betametasona e da Arctium lappa na evolução de lesões intestinais induzidas pelo parasita. Utilizou-se camundongos Swiss, machos, adultos, distribuídos em 4 grupos: infectados tratados com betametasona; com Arctium lappa; não tratados e grupo controle...

  11. Infecção experimental em carcarás (Caracara plancus, Miller, J. F., 1777) com Toxoplasma gondii (amostra ME49)

    OpenAIRE

    Vitaliano, Sérgio Netto [UNESP

    2007-01-01

    O presente trabalho objetivou estudar a susceptibilidade do carcará (Caracara plancus) frente à infecção experimental pela amostra ME49 de Toxoplasma gondii pela observação da sintomatologia clínica, análise dos parâmetros hematológicos, estudo da cinética de anticorpos IgG anti-T. gondii, e constatação da presença do parasito nos diversos tecidos utilizando a imunoistoquímica, imunofluorescência direta em tecidos, bioensaio em camundongos e PCR. Sete carcarás soronegativos para anticorpos an...

  12. Caracterização molecular de um antígeno de Paracoccidioides brasiliensis

    OpenAIRE

    Eduardo Silva Martins, Albert

    2005-01-01

    A Paracoccidioidomicose é uma importante causa de morbidade, levando à morte em alguns casos. Essa doença é provocada pelo fungo dimórfico Paracoccidioides brasiliensis e seu diagnóstico clínico é inespecífico. Recentemente, no nosso laboratório foi isolado e sequenciado um fragmento de DNA de 850pb obtido pela técnica de RAPD, presente em cepas de P. brasiliensis com morfologia típica, e virulentas quando inoculadas em camundongos, que não estava presente em cepas de morfologias atípicas não...

  13. A alternancia entre o preterito imperfeito e o futuro do preterito na fala de Florianopolis

    OpenAIRE

    Silva, Tereza Santos da

    1998-01-01

    Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão Análise da influência do receptor GABAB no desenvolvimento da tolerância rápida ao etanol em camundongos, no teste do rota-rod. Os animais foram treinados diariamente, durante cinco dias, no aparelho do rota-rod, até que atingissem linha de base mínima para serem selecionados para os testes. No dia dos testes, a velocidade de queda (rpm/min) do animal, do eixo giratório do aparelho, foi reg...

  14. Período de infectividade de animais inoculados experimentalmente com Yersinia sp

    OpenAIRE

    Medeiros, Beatriz Maria Machado de [UNESP; Shimizu, Mario Tsunezi [UNESP; Falcão,Deise Pasetto

    1987-01-01

    Lotes de camundongos suiços convencionais foram inoculados tanto por via intragástrica (IG) quanto por via intravenosa (IV) com Yersinia enterocolitica dos sorotipos 0:3, 0:8 e 0:9 e com amostras de yersinias atípicas. Foi mantido um lote de animais não inoculados como controle. Verificou-se qual o período de permanência dessas bactérias no intestino dos animais inoculados. Yersinia enterocolitica dos sorotipos 0:3, 0:8 e 0:9, considerados adaptados ao homem, permaneceram no intestino dos ani...

  15. Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz H. Guerreiro

    2013-01-01

    Full Text Available Amylin is a 37-aminoacid pancreatic protein that exerts control over several metabolic events such as glycemia and lacticemia. Amylin has long been shown to induce increases in arterial plasma glucose. We decided to investigate whether amylin plays additional roles in the glucose metabolism. We evaluated glucose homeostasis using whole blood from the tail tip of fasting, conscious, unrestrained normal and streptozotocyn-induced diabetic mice following subcutaneous administration of mouse amylin. Subcutaneous injection of 1 μg mouse amylin caused a transient decrease in whole blood glucose in both normal and diabetic mice in the absence of insulin. The blood glucose levels were lowest approximately 2 hours after amylin administration, after that they gradually recovered to the levels of the control group. The hypoglycemic effect followed a dose-dependent response ranging from 0.1 to 50 µg / mouse. These results reveal the ability for amylin in the direct control of glycemia at low doses in the absence of insulin.Amilina é uma proteína de 37 aminoácidos que exerce controle sobre diversos eventos metabólicos, tais como glicemia e lacticemia. Tem sido mostrado que amilina induz aumento da glicemia plasmática arterial. Nós decidimos investigar se amilina exerce função adicional na regulação do metabolismo de glicose. Nós avaliamos a homeostase de glicose empregando sangue total da ponta da cauda de camundongos normais e diabéticos em condição livre de anestésico e não-confinados. Injeção subcutânea de 1 μg por camundongo causou o decréscimo transiente na glicemia tanto em camundongos normais quanto em diabéticos na ausência de administração de insulina. Os níveis de glicose atingiram o mínimo em aproximadamente 2 horas após administração de amilina, seguido por gradual restauração a níveis do grupo controle. O efeito hipoglicemiante demonstrou ser dose-dependente na faixa de 0,1 to 50 μg / camundongo. Esses

  16. Participação dos canais de sódio voltagem-dependentes no efeito tipo antimaníaco da feinitoína e da carbamazepina na hiperlocomoção induzida por metilfenidato

    OpenAIRE

    Tonelli, Denise Aparecida Gianoti

    2013-01-01

    Resumo Alguns anticonvulsivantes como o valproato e a carbamazepina são efetivos no tratamento da fase maníaca do transtorno afetivo bipolar e embora possuam algumas diferenças farmacológicas, todos compartilham de um efeito comum que é o bloqueio dos canais de sódio voltagem-dependentes. A fenitoína também promove tal efeito e recentemente foi demonstrado que ela reduziu o tempo de imobilidade dos camundongos submetidos ao teste de natação forçada, efeito este que é bloqueado pela veratrina,...

  17. Experimental studies on Trypanosoma (Schizotrypanum cruzi strains isolated from man, from animals and from triatomine bugs in Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    W. B. Petana

    1974-12-01

    Full Text Available A study on nine strains of T. cruzi isolated from man, from animais and from triatomine bugs in Brazil are described. The parasites were slightly viscerotropic in white mice in six of the strains, highly viscerotropic and cardiotropic in two strains, and asymptomatic on one strain. Mechanical and cyclical passage from infected to healthy mice, and treatment of the infected mice with immunosuppressant drug, did not increase the blood parasitaemia or strain virulence. The results of biometric studies on the blood trypanosomes from each strain are also described. The various aspects on the importance of T. cruzi strain Identification are emphasized and discussed.Nove cepas de T. cruzi, 5 isoladas do homem, 2 isoladas do cão e 2 outras isoladas de Triatoma infestans domiciliados, foram estudadas do ponto de vista morfólógico e de sua virulência e patogenicidade para o camundongo, em um período de observação de 8 a 12 meses. As cinco cepas isoladas do homem mostraram baixa parasitemia quando inoculadas no camundongo e provocaram nesse animal apenas redução dos glânglios mioentéricos do colon e discreto aumento desse órgão. Das duas cepas isoladas do cão uma provocou megacolon e cardiomegalia no camundongo e a outra comportau-se de forma semelhante às cepas isoladas do homem. Das cepas isoladas do T. infestans uma foi absolutamente avirulenta para o camundongo e a outra provocou redução dos gânglios do colon e do miocárdio, cardiomegalia e megacolon. Admitem os autores que a passagem "cíclica" de uma cepa de um reservatório para outro possa modificar o seu comportamento, servindo o homem como "reservatório estabilizador" da baixa virulência e patogenicidade das cepas, pelo menos daquelas isoladas de casos crônicos

  18. Nichos tróficos em dípteros caliptrados, no Rio de Janeiro, RJ

    OpenAIRE

    d'ALMEIDA, J. M.; ALMEIDA, J. R.

    1998-01-01

    Foram calculadas a extensão e sobreposição de nichos tróficos de dípteros caliptrados, criados em variados ambientes do Rio de Janeiro (área rural, urbana e florestal), utilizando-se diferentes substratos de criação (banana amassada, carcaça de camundongo, peixe (sardinha), fígado bovino, camarão e fezes humanas frescas. Foram criadas 14.294 moscas, pertencentes às famílias Calliphoridae, Fanniidae, Muscidae e Sarcophagidae. As maiores sobreposições de nichos tróficos, entre as espécies, fora...

  19. Padrão isoenzimático da cepa Y do Trypanosoma cruzi após quimioterapia específica Isoenzymatic pattern of Trypanosoma cruzi Y strain following specific chemoterapy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosângela Castro Silva

    1989-03-01

    Full Text Available Foi estudado o perfil isoenzimático da cepa Y do Trypanosoma cruzi isolada de camundongos tratados e não curados com o Nufurtimox (Bay 2502 ou com o Benzonidazol (Ro 7.1051, submetida à passagens em camundongos recém-nascidos e a seguir inoculada nos seguintes grupos experimentais: I - camundongos inoculados com a cepa Y resistente ao Nifurtimox e tratados com esta mesma droga; II - camundongos inoculdado com a cepa Y resistente ao Nifurtimox e tratados com o Benzonidazol e III - camundognos resistentes ao tratamento com o Benzonidazol e tratados com esta mesma droga. Os inóculos foram de 15 x 10 [elevado a 4 ] tripomastigotas sanguícolas. Houve aumento de resistência em relação a cepa original com a mesma droga e resistência cruzada. A cepa Y isolada dos animais não curados foi passada em cultura em meio Warren e preparados os extratos enzimáticos para a eletroforese das seguintes enzimas: GPI, PGM, ALAT e ASAT. Como controle isoenzimático foram utilizadas as cepas Peruana (Tipo I, 21 SF (Tipo II e Colombiana (Tipo III e duas amostras da cepa Y mantidas por diferentes período em cultura e em criopreservação dos extraidos enzimáticos. Não houve modificações do perfil isoenzimático da cepa Y, que Tipo I (Peruana e ao padrão das amostras da cepa Y com diferentes períodos de manutenção.The isoenzyme pattern of the Trypanosoma cruzi Y strain recovered from mice inoculated with 15 x 10 [raised to the power of 4] blood trypomastigotes and previously treated with either Bay 2002 (Nifurtimox orRo 7-1051 (Benzonidazol was analyzed in the following situations: a strain resistant to Bay 2502 and again treated with the same drug; b strain resistant to Bay 2502 and treated with Ro 7-1051; c strain resistant to Ro 7-1051 and treated with that same drug. Although marked drug resistance was noted in all cases, the isoenzyme pattern of the Y strain for GPI, PGM, ALAT and ASAT remained throughout the same. The pattern was similar to that

  20. POTENCIAL TERAPÊUTICO DO EXTRATO METANÓLICO DE CONDALIA BUXIFOLIA REISSEK NO CONTROLE DA DOR AGUDA: ESTUDO DO MECANISMO DE AÇÃO

    OpenAIRE

    Róli Rodrigues Simões

    2015-01-01

    A planta medicinal Condalia buxifolia tem sido tradicionalmente utilizada para o tratamento de processos inflamatórios. O presente estudo tem como objetivo avaliar o perfil fitoquímico e o efeito antinociceptivo do extrato metanólico da casca da raiz de Condalia buxifolia (EBMCb) em modelos de dor aguda, bem como investigar o possível mecanismo adjacente a este efeito em camundongos. A análise fitoquímica do extrato evidenciou a presença de grande quantidade de alcaloides. O EBMCb administrad...

  1. Estudo de proteínas de Angiostrongylus cantonensis para o entendimento da relação parasito-hospedeiro e análise de alvos para o diagnóstico das angiostrongilíases

    OpenAIRE

    Morassutti, Alessandra Loureiro

    2011-01-01

    O gênero Angiostrongylus Kamensky, 1905 agrupa animais pertencentes ao filo Nematoda, cuja característica marcante é a forma corporal cilíndrica. Duas espécies possuem importância médica: A. costaricensis cujo habitat natural são as artérias mesentéricas de camundongos silvestres e na infecção humana pode levar ao desenvolvimento de angiostrongilíase abdominal; e A. cantonensis que habita as artérias pulmonares de roedores e na infecção humana pode causar meningoencefalite eosinofílica. O dia...

  2. The importance of mdx mouse in the pathophysiology of Duchenne's muscular distrophy

    OpenAIRE

    Sandra Lopes Seixas; Jussara Lagrota-Cândido; Wilson Savino; Thereza Quirico-Santos

    1997-01-01

    O camundongo mdx desenvolve distrofia muscular recessiva ligada ao cromossoma X (locus Xp21.1) e não expressa distrofina. Embora não apresente intensa fibrose do tecido muscular e acúmulo de tecido adiposo, é considerado o modelo animal mais adequado da distrofia muscular de Duchenne. As alterações estruturais no tecido muscular associadas à mionecrose e presença do infiltrado inflamatório com predomínio de linfócitos e monócitos/macrófagos sugerem uma participação do sistema imunológico nest...

  3. O Mastomys natalensis como modelo alternativo nos estudos da esquistossomose mansoni experimental

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Alberto Moreira Campos

    1984-02-01

    Full Text Available Foram estudados aspectos da infecção e da imunidade experimentais em um roedor — o Mastomys natalensis — inoculado com a cepa LE (Belo Horizonte do Schistosoma mansoni, comparando os resultados com os do camundongo albino, animal tido como melhor modelo experimental. Os parâmetros estudados ofereceram resultados em tudo semelhantes aos encontrados em camundongos, com o M. natalensis se mostrando bastante sensível à infecção pelo S. mansoni, sendo de grande utilidade para os estudos da biologia do parasito e/ou observações da imu-nologia advinda da infecção. Somando-se a tal fato a grande reprodutividade do animal em cativeiro, a criação fácil, o manejo e a manutenção simples em laboratório, sugere-se que seja o M. natalensis usado como modelo experimental alternativo nos diversos estudos da esquistossomose mansoni.

  4. OBSERVAÇÃO SOBRE O DESENVOLVIMENTO DE PLACENTA EM ALGUNS ROEDORES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariana Sincai

    1994-01-01

    Full Text Available RESUMO A placenta do cobaio, rato, camundongo e ratão do banhado (Myocastor coypus foram estudadas e revelaram aspectos interessantes. A placenta nestas espécies é do tipo discoidal no início da gestação e após a união entre a mucosa uterina com as vilosidades coriônicas passa a ser do tipo hemocorial. O exame microscópico da placenta da cobaia e do ratão do banhado era do tipo multilobular, enquanto que a placenta do rato e do camundongo parece a metade de um lóbulo da placenta de cobaia e do ratão do banhado. Esta observação poderia ser uma prova para a evolução filogenética dos roedores. O exame microscópico da placenta dos roedores revelou passagem de linfócitos através dos trofoblastos embrionários para o feto, o qual precisa de imunidade placentária.

  5. Ascaris suum: partial fractionation of metabolic antigens from "in vitro" cultured larvae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jorge Guerrero

    1973-10-01

    Full Text Available Ascaris suum metabolic antigens were obtained frorn second and early third stage larvae cultured in vitro in supplemented Eagle's minimum essential medium. Metabolic antigens harvested after 12 and 16 days from in vitro cultures were eluted through Bio-Gel Al.5. Three main elution peaks were identified, dialysed, lyophilized and injected into mice with 4% sodium alginate. Peak 11 from elution of two preparations of metabolic antigens protected mice against a chállenge infection of 10,000 A. suum embryonated eggs.Os antígenos metabólicos de Ascaris suum foram obtidos de larvas de segundo e de terceiro estágio (precoce cultivadas in vitro em meio mínimo essencial de Eeagle com suplemento proteico. Os antígenos metabólicos coletados depois de 12 a 16 dias das culturas in vitro foram eluidos em Bio-Gel Al 5. Três picos de eluição foram identificados, dializados, liofilizados e injetados em camundongos, com alginato de sódio a 4%. O pico II da eluição de duas preparações dos antígenos metabólicos protegeram os camundongos da infecção com 10.000 ovos infectivos de A. suum

  6. Toxicidade aguda e atividade antiedematogênica e antinociceptiva do extrato aquoso da entrecasca de Tabebuia avellanedae Lor. ex Griseb

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fábio Guilherme Gonçalves de Miranda

    Full Text Available Os efeitos antinociceptivo e antiedematogênico do extrato aquoso da entrecasca de Tabebuia avellanedae foram verificados através dos modelos experimentais de nocicepção em camundongos e edema de pata induzido por carragenina (1% em ratos. O extrato aquoso (100, 200 e 400 mg/kg reduziu a nocicepção produzida pelo ácido acético (0,6% em 44,9%, 63,7% e 43,8%. No teste da formalina (1% o extrato aquoso (200 e 400 mg/kg reduziu o efeito da formalina apenas na 2a fase do teste; o percentual de inibição foi de 49,3% e 53,7%. A naloxona (5 mg/kg não reverteu a ação do extrato; a cafeína (10 mg/kg reverteu seu efeito em 19,8% na 2a fase do teste da formalina. No modelo de edema de pata, o extrato aquoso (200 mg/kg inibiu o edema em 12,9%. A toxicidade aguda foi baixa em camundongos. O extrato aquoso da entrecasca de T. avellanedae apresentou atividades antiedematogênica e antinociceptiva nos modelos testados, com o efeito antinociceptivo associado ao sistema adenosina.

  7. Bioquímica da esquistossomose mansônica: envolvimento dos siderossomos nos processos inflamatórios hepáticos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Erlon Araújo Rodrigues

    1990-06-01

    Full Text Available Os processos inflamatórios que se desenvolvem durante as etapas avançadas da esquistossomose mansônica hepática foram relacionados, com o acúmulo de siderossomos, a capacidade dos íons ferrosos/férricos de desencadearem a formação de radicais livres e aperoxidação de lipídios membranáceos, assim como à diminuição da estabilidade das membranas dos diversos componentes do compartimento lisossômico hepático. Os lisossomos isolados de figados de camundongos infectados por 100 cercárias, com 80 e 100 dias de infecção, foram respectivamente, 2,5 e quase 4 vezes mais frágeis que os controles, isolados de figados de camundongos não infectados. A presença de siderossomos em grande quantidade foi demonstrada por espectrometria aos raios-X.

  8. The role of MHC haplotypes H2d/H2b in mouse resistance/susceptibility to cyst formation is influenced by the lineage of infective Toxoplasma gondii strain

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marianne G. Resende

    2008-03-01

    Full Text Available Toxoplasma gondii strains displaying the Type I/III genotype are associated with acquired ocular toxoplasmosis in humans. Here, we used a mice model to characterize some immunological mechanisms involved in host resistance to infection with such strains. We have chosen the Type I/III strains D8, G2 and P-Br, which cause a chronic infection in mice that resembles human toxoplamosis. Mice deficient of molecules MyD88, IFN-gamma, and IL-12 were susceptible to all three parasite strains. This finding indicates the importance of innate mechanisms in controlling infection. On the other hand, MHC haplotype did not influenced resistance/susceptibility; since mice lineages displaying a same genetic background but different MHC haplotypes (H2b or H2d developed similar mortality and cyst numbers after infection with those strains. In contrast, the C57BL/6 genetic background, and not MHC haplotype, was critical for development of intestinal inflammation caused by any of the studied strains. Finally, regarding effector mechanisms, weobserved that B and CD8+ T lymphocytes controlled survival,whereas the inducible nitric oxide synthase influenced cyst numbers in brains of mice infected with Type I/III strains. These findings are relevant to further understanding of the immunologic mechanisms involved in host protection and pathogenesis during infection with T. gondii.Cepas de Toxoplasma gondii que apresentam o genótipo I/III são associadas a toxoplasmose ocular adquirida em humanos. No presente trabalho, nós utilizamos um modelo da doença em camundongos para caracterizar mecanismos imunológicos envolvidos na resistência do hospedeiro à infecção por aquelas cepas. Escolhemos as cepas D8, G2 e P-Br, que causam infecção crônica em camundongos, semelhante à toxoplasmose humana. Camundongos deficientes em MyD88, IFN-G e IL-12 foram susceptíveis a infecções com todas as três linhagens do parasita. Esses dados indicam a importância de mecanismos

  9. Uso da ciclofosfamida em modelo de imunodepressão experimental em ovinos Ovine experimental immunosuppression using cyclophosphamide

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maurício Garcia

    2004-09-01

    Full Text Available A ciclofosfamida (CY foi usada para avaliar o efeito no sistema imune de ovinos. Carneiros adultos castrados foram divididos em 3 grupos, com 6 animais cada. Os Grupos I (dia 0 e II (dia 1 foram tratados com a CY (40 mg/kg, dose única, IV, e o Grupo III não foi tratado, permanecendo como controle. Todos os grupos foram imunizados no dia 0 com a vacina B19 contra a brucelose. No dia 6, todos animais foram sangrados e foi realizado o teste de soro-aglutinação para detecção de anticorpos anti-brucella. Foram também realizadas, diariamente durante 7 dias, contagens de linfócitos sangüíneos e dosagens de gamaglobulinas séricas por eletroforese. Os resultados encontrados mostraram uma diminuição estatística da resposta imune. Foram encontrados, nos Grupos I e II, baixos títulos de anticorpos anti-brucella, além de linfopenia e hipogamaglo-bulinemia. Uma alta mortalidade (40% foi encontrada nos animais tratados.Cyclophosphamide (CY was used to evaluate the effect on the immune system of sheep. Castred adult rams were divided into 3 groups, with 6 animals each one. Group I (day 0 and Group II (day 1 were treated with CY (40 mg/kg, single dose, IV, and Group III was not treated and remained as control. All groups were immunized on day 0 with B19 brucellosis vaccine. On day 6, all animals were bled and serum agglutination test for brucellosis antibodies detection was performed. During 7 days blood lymphocyte counts and electrophoresis gammaglobulin dosage were daily performed. The results showed statistical decrease of immune response. Low serum titers of brucellosis antibodies were found in Groups I and II, and lymphopenia and hypogammaglobulinemia were also found in these groups. A high mortality rate (40% occurred in the treated animals.

  10. Resposta taquicárdica e controle autonômico no exercício físico em modelo genético de insuficiência cardíaca Tachycardic response and autonomic control in physical exercise in genetic model of cardiac insufficiency

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Telma F. Cunha

    2009-08-01

    Full Text Available O aumento da atividade nervosa simpática e a taquicardia em repouso ou durante esforços físicos estão associados ao aumento da morbimortalidade, mesmo na ausência de sinais clínicos de doença cardíaca. Sabendo-se da importância dos receptores α2A/α2C-adrenérgicos na modulação da atividade nervosa e frequência cardíaca (FC, o presente trabalho utiliza um modelo genético de cardiomiopatia induzida por excesso de catecolaminas circulantes baseado na inativação gênica dos receptores α2A/α2C-adrenérgicos em camundongos (α2A/α2CKO para verificar a resposta da FC ao exercício físico (EF, assim como o controle simpatovagal da FC ao EF. Testou-se a hipótese de que haveria resposta taquicárdica exacerbada durante o EF nos camundongos α2A/α2CKO mesmo quando a função cardíaca ainda estivesse preservada em repouso, sendo o receptor α2A-adrenérgico o principal responsável por essa resposta. Camundongos machos da linhagem C57Bl6J, controle (CO e com inativação gênica para os receptores α2A (α2AKO, α2C α2CKO e α2A/α2CKO foram submetidos a um teste de tolerância ao esforço físico. Outros dois grupos de camundongos, CO e α2A/α2CKO, foram submetidos ao bloqueio farmacológico dos receptores muscarínicos e β-adrenérgicos e ao EF progressivo para se avaliar a contribuição simpatovagal para a taquicardia de EF. Observou-se intolerância ao esforço físico (1.220 ± 18 e 1.460 ± 34 vs. 2.630 ± 42m, respectivamente e maior taquicardia ao EF (765 ± 16 e 792 ± 13 vs. 603 ± 18bpm, respectivamente nos camundongos α2AKO e α2A/α2CKO vs. CO. Além disso, o balanço autonômico estava alterado nos camundongos α2A/α2CKO pela hiperatividade simpática e menor efeito vagal cardíaco. Esses resultados demonstram a importância dos receptores α2A/α2C-adrenérgicos no controle autonômico não só no repouso, mas também durante o EF, sendo o receptor α2A-adrenérgico o responsável pela hiperatividade simp

  11. Múltiplas substituições em domínios biologicamente ativos da glicoproteína do vírus rábico podem estar relacionadas com o perfil patogênico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andrea Isabel Estévez Garcia

    2011-04-01

    Full Text Available O perfil patogênico de um vírus da raiva isolado de um morcego insetívoro Lasiurus ega foi comparado com o de vírus fixo de raiva (CVS/32 em hamster e camundongo, determinando os períodos de incubação e clínico, manifestação clínica e mortalidade. Os animais foram desafiados com 10 2,611-4,021 DL50 /0,05 mL do isolado de L. ega e 10 3,7- 4,7 LD50 /0,05 mL do CVS/32, usando as vias: intramuscular (IM, intradermica (ID, intranasal (IN e abrasão epidermica (AE. A presença do antígeno viral foi confirmada pela prova de imunofluorescência direta. As porcentagens de mortalidade observadas com o isolado de L. ega foram as seguintes em hamster: 3,5% IM, 10,71% IN; em camundongo: 50.0% IM, 30.0% IN. A forma furiosa da doença foi predominante. As porcentagens de mortalidade observadas com o vírus CVS/32 em hamster foram as seguintes: 12.5% IM, 62.5% ID, 12.5% IN; em camundongo 100.0% IM, 70.0% ID, 10.0% IN. Com este vírus foi observada raiva paralitica. A via AE mostrou-se inadequada para induzir doença. O período de incubação foi de 5–7 dias para o CVS/32 e 11-16 dias para o isolado de L. ega, entre tanto os períodos clínicos oscilaram entre 4–7 dias para ambos os vírus. Varias substituições foram achadas em domínios antigênicos da glicoproteína: AI (posição 231, AII (34 – 42 e 198-200, domínio de fusão dependente de baixo pH (102–179, domínio da transmembrana (440–461 e resíduo 242. Esses vírus mostraram comportamentos biológicos distintos o que poderia estar ligados às substituições nos domínios antigênicos anteriormente descritos.

  12. THE MOUSE AS AN EXPERIMENTAL MODEL FOR TITYUS SERRULATUS SCORPION ENVENOMING

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mônica de Mônico Magalhães

    1998-10-01

    Full Text Available The scorpion toxin induces a number of physiological parameters alterations, as disturbance of cardiac rhythm, heart failure, shock, pancreatic hypersecretion, abortion, respiratory arrhytmias and pulmonary edema. As the purification of the venom fractions is a laborious process, one alternative for this would be the utilization of small animals. We utilized in the present study thity-six mice that received progressive doses of scorpion toxin TsTX, i.p. or i.v., and were observed for three hours or sacrificed, and the pulmonary alterations were determined by the lung-body index and by histological analysis of the lungs in order to determine if the mouse can be an esperimental model for scorpion envenomation. The data were analyzed by One Way analysis of variance with pA toxina do escorpião induz a várias alterações fisiológicas, como disturbio do ritmo cardíaco, insuficiência cardíaca, choque, hipersecreção pancreática, aborto, arritmias respiratórias e edema pulmonar. A purificação de frações do veneno é um processo trabalhoso. Como alternativa utilizam-se animais pequenos. No presente estudo utilizou-se 36 camundongos que receberam doses progressivas de toxinas do escorpião (TsTX, intraperitoneal ou intravenosa e foram observados por tres horas ou sacrificados. As alteraçòes pulmonares foram determinadas pela fórmula peso do pulmão x 100/ peso corporal e pela análise hitológica dos pulmões a fim de determinar que o camundongo pode ser um modelo experimental do envenenamento pelo escorpião. Os dados foram analizados pela análise de variância considerando-se p<0,05 indicando significancia. Os experimentos não mostraram diferença nos sinais clínicos do envenenamento comparando-se o camundongo com outros mamíferos. Os efeitos foram dose-dependente e que pela via venosa necessita-se menos quantidade para produzir as mesmas alterações. Nos aspectos histológicos pulmonares observou-se edema septal e não alveolar

  13. Kinetics of the cercaria-schistosomulum transformation in vivo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A. L. Melo

    1985-03-01

    Full Text Available Sitice most studies on the cercaria-schistosomulum transformation have been carried out in vitro, the authors used the inoculation ofcercariae into the peritoneal cavity of mice tofollow the steps involved in this progressive adaptation of cercarie to the vertebmte host. The main conclusions were: 1. Most cercariae reach the schistosomular stage between 90-120 min after intraperitoneal inoculation. 2. Changes usuallystart with detachment of the tail followed by loss, rupture or changes of the glycocalix. 3. After 120 min most larvae loss their tails and present water sensitivity. 4. Acetabular grands depletion usually does not occur in cercaria-shistosomulum changes in the peritoneal cavity of mice. These steps differ in some way from those described in the kinetics of the in vitro observations performed by other investigators, and is more like those described in the penetration in the skin of living vertebrates.Uma vez que a maioria dos estudos da transformação cercária-esquistossômulo têm sido realizados in vitro, os autores usaram a inoculação de cercárias na cavidade peritoneal de camundongos para seguir as etapas envolvidas nesta adaptação progressiva das larvas ao hospedeiro vertebrado. conclusões principais foram: 1. A maioria das cercárias atinge 0 estádio de esquistossômulo entre 90 - 120 minutos após a inoculação intraperitoneal. 2. As modificações usualmente são iniciadas com a perda da cauda, seguidas pela perda, ruptura ou modificações do glicocálice. 3. Após 120 minutos do inóculo, a maioria das larvas perde sua cauda e apresenta intolerância à água. 4. A depleção das glândulas acetabulares habitualmente não ocorre durante o processo de transformação cercária-esquistossômulo, na cavidade peritoneal do camundongo. Os resultados da inoculação intraperitoneal em camundongos aproximam-se mais dos achados da penetração da cercária na pele de hospedeiros vertebrados, e diferem, em parte, das

  14. Early weaning impairs body composition in male mice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Carolina Borges

    2009-12-01

    Full Text Available This study aimed to evaluate the effect of early weaning on body composition and on parameters related to nutritional status in mice. The experimental group consisted of male Swiss Webster mice that were weaned early (at postnatal day fourteen and fed an appropriate diet for growing rodents until postnatal day twenty-one (EW group. The control group consisted of male mice breastfed until postnatal day twenty-one (CON group. All animals were sacrificed on the twenty-first day of life. The EW group showed a decrease in liver and muscle protein content and concentration, brain protein concentration, brain DNA content and concentration, as well as liver and muscle protein/RNA ratio (pO presente estudo objetivou avaliar o efeito do desmame precoce sobre a composição corporal e sobre parâmetros indicativos do estado nutricional de camundongos. O grupo experimental consistiu de camundongos Swiss Webster, machos, desmamados precocemente (14º dia de vida e alimentados com ração apropriada para roedores em crescimento até o 21º dia pós-natal (grupo DESM. O grupo controle consistiu de camundongos amamentados até o 21º dia pós-natal (grupo CON. Todos os animais foram sacrificados no 21º dia de vida. O grupo DESM apresentou redução da concentração e conteúdo hepático e muscular de proteínas, da concentração cerebral de proteínas, da concentração e conteúdo cerebral de DNA e da razão proteína/RNA hepática e muscular (p<0,05. Quanto à composição corporal, o grupo DESM apresentou maior conteúdo de umidade, maior percentual de umidade e lipídios e menor conteúdo e percentual de cinzas e proteína na carcaça (p<0,05. Os resultados indicam que o desmame precoce acarreta em prejuízo à composição corporal e a parâmetros indicativos do estado nutricional, o que pode estar relacionado ao retardo do processo de maturação química. Os dados do presente estudo podem contribuir para o entendimento da influência da alimenta

  15. Leptopirosis in animal of animal house of Biologic Science Center of Londrina State University / Leptospirose em animais do biotério central do Centro de Ciências Biológicas da Universidade Estadual de Londrina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ernst Eckehardt Muller

    2000-12-01

    Full Text Available Leptospirosis has been described in laboratory animal house of several countries happening among mice. albino rats. guinea pigs, dogs, rabbits, monkeys and man. The laboratory animal house of Biologic Science Center of Londrina State University maintains and breeds several species of animals and stray dogs trapped in citíes of Paraná State. In this paper w e r e utilized for leptospirosis research, 325 wistar rats. 323 albino mice. 289 dogs, 135 rabbits. 119 guinea pigs, and 57 black rats trapped around of animal house. The microscopic agglutination test with 22 cultures of Leptospira interrogans showed positive results in 110 dogs and o n e guinea pig, having been found antibodies against serovars canicola (62, 7%, pyrogenes (51,8%, castellonis (30.9% and icterobaemorrhagiae (23,6%. The dark field microscopy examination of 574 urine samples (282 albino mice, 224 wistar rats, 29 black rats, 24 dogs, 13 rabbits and two guinea pigs showed positive resuíts in six dogs. The seven attempts of urine and kidneys isolation were negatives.A leptospirose tem sido descrita em biotérios de vários países, acometendo camundongos, ratos albinos, cobaios, cães, coelhos e macacos além do manipuladores. O Biotério Centrai do Centro de Ciências Biológicas da Universidade Estadual de Londrina mantém e cria várias espécies de animais além de receber cães de rua, capturados em municípios do Estado do Paraná. Neste trabalho foram utilizados para a pesquisa de leptospirose, soros de 325 ratos wistar, 323 camundongos albinos. 289 cães de rua, 135 coelhos, 119 cobaios, além de 57 ratos pretos capturados nas proximidades do biotério. A prova de somaglutinação microscópica com 22 soroiipos de Lepiospira interrogans mostrou resultados positivos em 110 cães e um cobaio, sendo encontrado anticorpos principalmente contra os soroiipos canicola (62. 7%. pyrogenes (51.8%. castellonis (30,9% e icterohaemorrhagiae (23.6%. A pesquisa direta de leptospira em

  16. Methotrexate inhibits integrin adhesion molecules in the mouse model of pleurisy induced by carrageenan

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eduardo Monguilhott Dalmarco

    2007-09-01

    Full Text Available The aim of this work was to analyze the effect of methotrexate (MTX upon leukocyte migration and expression of adhesion molecules CD11a/CD18 in the lung, 4 and 48 h after inflammation induction by carrageenan in mice. The results showed that MTX significantly decreased leukocyte influx and CD11a expression in the lung at 4 and 48 h of pleurisy (P O modelo experimental da pleurisia induzida pela carragenina, em camundongos é caracterizado pelo aumento da migração de leucócitos às custas de neutrófilos 4 h após a indução da inflamação pela carragenina na cavidade pleural de camundongos.. Após 48 h da indução da inflamação ocorre aumento de leucócitos do tipo mononucleares. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito do metotrexato (MTX sobre a migração de leucócitos, e a expressão de moléculas de adesão (CD11a/CD18, no pulmão 4 e 48 h após a inflamação induzida pela carragenina.Os resultados demonstraram que o MTX inibiu significativamente o influxo de leucócitos e a expressão de CD11a no pulmão 4 h e 48 h após a inflamação induzida pela carragenina (P < 0.01. O MTX inibiu a expressão de CD18 no pulmão 48 h após, mas não 4 h após esta resposta inflamatória (P < 0.01. Estes resultados demonstram que o MTX, nas doses estudadas, possui importante efeito antiinflamatório agindo principalmente sobre o influxo de leucócitos da cavidade pleural para os pulmões, via inibição da expressão de moléculas de adesão do tipo CD11a/CD18, no modelo da pleurisia induzida pela carragenina, em camundongos.

  17. Transplante de células mesenquimais de tecido adiposo na cardiopatia chagásica crônica experimental

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ticiana Ferreira Larocca

    2013-05-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A doença de Chagas, causada pelo protozoário Trypanosoma cruzi, é uma das mais importantes causas de insuficiência cardíaca na América Latina. A terapia celular vem sendo investigada como uma possível opção terapêutica para pacientes com doenças cardiovasculares. OBJETIVO: O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos da terapia com células-tronco mesenquimais em um modelo experimental de cardiomiopatia chagásica crônica. MÉTODOS: Camundongos C57BL/6 foram infectados com 1000 tripomastigotas da cepa Colombiana de T. cruzi e, após seis meses de infecção, foram tratados com células-tronco mesenquimais derivadas de tecido adiposo humano (CTTAs ou com meio DMEM (controle. O grupo tratado recebeu duas injeções intraperitoneais de CTTAs (1x106 células / dose, com um mês de intervalo entre as duas doses. Antes e após 1 e 2 meses de tratamento, os animais chagásicos e controles normais foram submetidos à eletrocardiograma e teste ergoespirométrico. Todos os animais foram sacrificados sob anestesia após 2 meses de tratamento, para análise histopatológica do coração. RESULTADOS: Não foi observada melhora de arritmias e da função cardiovascular no grupo tratado com CTTAs, porém secções de corações de camundongos deste grupo apresentaram uma redução significativa do número de células inflamatórias (p < 0,0001 e da área de fibrose (p < 0,01 em comparação com animais chagásicos tratados com DMEM. CONCLUSÃO: Deste modo, conclui-se que a administração de CTTAs por via intraperitoneal é capaz de reduzir inflamação e fibrose no coração de camundongos cronicamente infectados por T. cruzi, porém não teve efeitos na função cardíaca dois meses após o transplante.

  18. Potencialização do efeito antiinflamatório e antinociceptivo do diclofenaco e da nimesulida por vitaminas do complexo B

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L. A. RODRIGUES

    2009-01-01

    Full Text Available

    Investigou-se os efeitos de algumas vitaminas B associadas ao diclofenaco ou nimesulida, na contorção abdominal em camundongos e edema de pata em ratos apenas com a nimesulida ou sua associação com algumas vitaminas B. Verificou-se que o pré-tratamento com as vitaminas tiamina[B1], piridoxina[B6] e cianocobalamina [B12], isoladas ou administradas conjuntamente, não inibiu o edema de pata produzido pela carragenina em ratos, nem as contorções abdominais produzidas pelo ácido acético em camundongos. Por outro lado, a nimesulida [5mg/kg] reduziu o edema de pata em ratos, e a associação das três vitaminas à este fármaco, mas não as vitaminas administradas isoladamente, potencializou seus efeitos nos tempos de duas, três e quatro horas após a carragenina. As contorções abdominais em camundongos foram inibidas pelas doses de 25 ou 50mg/kg de diclofenaco. A associação das três vitaminas ou apenas da cianocobalamina, potencializou as duas doses do diclofenaco utilizadas. As contorções abdominais foram reduzidas também pelo nimesulida [5mg/kg] e a associação das três vitaminas, ou cada uma das vitaminas administradas isoladamente, foram capazes de potencializar os efeitos do nimesulida. É provável que a diferença no mecanismo de ação destes fármacos seja responsável pela diferença dos efeitos das vitaminas. O presente trabalho aponta para a realização de novos estudos com o uso destes antiinflamatórios, combinados com as vitaminas tiamina[B1], piridoxina[B6] e cianocobalamina [B12], em doenças inflamatórias crônicas, na tentativa de reduzir a dose destes fármacos e conseqüentemente diminuindo seus efeitos colaterais. Palavras-chave: diclofenaco; nimesulida; contorção abdominal; edema, cianocobalamina; tiamina.

  19. Prenatal toxoplasmosis diagnosis from amniotic fluid by PCR Diagnóstico pré-natal da toxoplasmose no líquido amniótico através da técnica de PCR

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paula Vieira Teixeira Vidigal

    2002-02-01

    ém inoculadas em camundongos e os recém-nascidos acompanhados clinicamente através de sorologia, RX de crânio, ultrassom transfontanela, exame de fundo de olho e punção lombar. Pela PCR, sete casos foram positivos e 79 negativos. Entre os positivos, dois não se confirmaram pela inoculação em camundongo nem pela avaliação clínica da criança; dos negativos, três apresentaram clínica de toxoplasmose congênita, e em um deles o exame de inoculação em camundongo foi positivo. A sensibilidade e especificidade da PCR foram 62,5% e 97,4%, respectivamente; a inoculação em camundongos mostrou 42,9% de sensibilidade e 100% de especificidade. Embora a PCR não deva ser usada como único teste diagnóstico da toxoplasmose congênita, trata-se de método promissor e merece mais estudos para aumentar sua eficácia.

  20. Diagnosis and isolation of Toxoplasma gondii in horses from Brazilian slaughterhouses Diagnóstico e isolamento de Toxoplasma gondii em equídeos de frigoríficos brasileiros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Evers

    Full Text Available This study aimed to investigate anti-Toxoplasma gondii antibodies and to isolate the parasite from the brains of horses processed at slaughterhouses in Brazil. We collected brain and blood samples from 398 horses of various ages, from six Brazilian states. Serum samples were evaluated by indirect fluorescent antibody test (IFAT cut-off titre ≥ 1:64, and brains were submitted to mouse bioassay. Among the 398 horses, positivity for T. gondii was identified in 46 (11.6% by IFAT and in 14 (3.5% by mouse bioassay. In 12 of those 14 bioassays, mice were positive only by IFAT (cut-off titre ≥ 1:16, T. gondii being isolated in the remaining two. Using polymerase chain reaction-restriction fragment length polymorphism (PCR-RFLP analysis of 18S rDNA to differentiate among T. gondii, Neospora caninum, and Sarcocystis neurona, we found that two of the 14 brains were positive for T. gondii only. For genotyping of the two isolates and the PCR-positive brain, we performed PCR-RFLP based on 13 markers, and SAG2 all samples were Toxoplasma gondii type I. Collectively, IFAT of horse sera and mouse bioassay identified positivity in 60 (15% of the samples. Our results show that some horses sent to slaughter in Brazil have been exposed to T. gondii.O objetivo do estudo foi investigar anticorpos anti-Toxoplasma gondii e isolar o parasita do cérebro de equídeos abatidos em matadouros-frigoríficos no Brasil. Colheram-se amostras de 398 cérebros e sangue de equídeos machos e fêmeas de idades variadas, provenientes de seis estados brasileiros. As amostras de soro foram avaliadas pelo teste de imunofluorescência indireta (IFI para T. gondii (ponto de corte ≥ 64, e os fragmentos de cérebros foram submetidos ao bioensaio em camundongos. Por meio da IFI, 46 (11,6% equídeos foram soropositivos. Pelo bioensaio em camundongos, 14 (3,5% cérebros de equídeos testados foram positivos. Em doze dos bioensaios, os camundongos foram positivos somente pela IFI (ponto

  1. Physical exercise decreases fasting hyperglycemia in diabetic mice through AMPK activation

    OpenAIRE

    Pádua, Mônica F. de; Pádua, Thomas F. de; Pauli, José R.; Souza, Cláudio T. de; Silva, Adelino S. R. da; Ropelle, Eloize C. C.; Cintra, Dennys E.; Carvalheira, José Barreto C.; Ropelle, Eduardo R.

    2009-01-01

    INTRODUÇÃO: A deficiência na captação de glicose em tecidos periféricos e o aumento da gliconeogênese hepática são fenômenos fisiopatológicos observados em pacientes diabéticos do tipo 2. O exercício físico é considerado um importante aliado para a melhora do perfil glicêmico em pacientes diabéticos; entretanto, os mecanismos envolvidos nesse processo não estão completamente elucidados. OBJETIVO: Avaliar o papel da proteína AMPK no controle glicêmico em camundongos diabéticos após o exercício...

  2. Desenvolvimento do Schistosoma mansoni das linhagens de Belo Horizonte (MG, e de São José dos Campos (SP, em Mus musculus Development of Schistosoma mansoni strains from Belo Horizonte, MG and S. José dos Campos, SP (Brazil in Mus musculus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz A. Magalhães

    1973-09-01

    Full Text Available Foram analisados os dados referentes ao desenvolvimento de cercárias de S. mansoni das linhagens de Belo Horizonte (MG e de São José dos Campos (SP, Brasil. Concluiu-se que após a penetração das cercárias pelo tegumento dos camundongos, não houve diferença significativa quanto ao número de vermes adultos que se desenvolveram, pertencentes às duas cepas estudadas.Experimental data of the developing of S. mansoni cercariae of two strains (Belo Horizonte, MG and S. José dos Campos, SP, penetrating through the tails of Mus musculus, were analysed. The data led to conclude that there is no numerical difference, in the two strains, as for development from cercariae to adult worm.

  3. "Aspectos da resposta imune frente a antígenos protéicos irradiados com 60Co"

    OpenAIRE

    Janaina Baptista Alves

    2004-01-01

    Considerando os efeitos da radiação gama sobre proteínas e a capacidade do sistema imune de reconhecer macromoléculas modificadas, decidimos avaliar alguns aspectos imunológicos de camundongos B10.PL frente a ovalbumina e bothropstoxina–1 (BTHX-1), nas formas nativa e irradiada. Para avaliar prováveis modificações estruturais nas moléculas das proteínas após o processo de irradiação (radiação gama de 60Co), foi realizada a eletroforese em gel de poliacrilamida 15% para a ovalbumina e para a B...

  4. Encontro de Aedes albopictus no Estado do Pará, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Segura Maria de Nazaré de Oliveira

    2003-01-01

    Full Text Available Pela primeira vez é registrada a presença do Aedes (Stg albopictus no Estado do Pará, Brasil, em área urbana no município de Medicilândia distante cerca de 90 km de Altamira, onde foram capturados por meio de isca humana 42 exemplares de mosquitos adultos. Estes foram inoculados em C6/36 e em camundongos recém-nascidos na tentativa de isolamento viral, não tendo sido isolado nenhum vírus. A presença de Aedes albopictus em áreas da Amazônia onde circulam os vírus de dengue e de febre amarela é preocupante e representa um risco potencial desta espécie de mosquito se tornar infectada com tais vírus.

  5. Relato de dois casos de toxoplasmose em gestantes atendidas no noroeste do Paraná, Brasil = Report of two cases of toxoplasmosis in pregnant women from the Northwest of Parana State, Brazil

    OpenAIRE

    Higa, Lourenço Tsunetomi

    2010-01-01

    Objetivos: evidenciar a dificuldade dos vários órgãos que compõem o sistema público de saúde no noroeste do Paraná em acompanhar adequadamente gestantes com suspeita de toxoplasmose aguda, como observado nestes relatos, com um caso de toxoplasmose congênita e outro de reagudização ocular severa Descrição dos casos: no primeiro caso, a gestante apresentou IgM, IgG e IgA Toxoplasma gondii-específicas reagentes e líquido amniótico com pesquisa de DNA e inoculação em camundongos positivas para...

  6. Avaliação da atividade antiinflamatória e analgésica do extrato bruto hidroalcoólico do zoantídeo Palythoa caribaeorum (Duchassaing & Michelotti, 1860

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina L.S. Soares

    Full Text Available O presente trabalho representa a primeira análise das atividades analgésica e antiinflamatória do extrato bruto hidroalcoólico do zoantídeo Palythoa caribaeorum. Foram realizados os testes de Writhing induzido por ácido acético (1%, 10 mL.kg-1 i.p. e da chapa quente em camundongos para avaliar o efeito analgésico; e o teste de edema de pata de rata induzido por carragenina para avaliar a atividade antiinflamatória. As análises evidenciaram atividade analgésica no teste de Writhing no grupo tratado com 200 mg.kg-1 v.o. de extrato, com uma inibição de 47,22% do número de contorções abdominais ("Writhings", revelando atividade estatisticamente significativa.

  7. Desenvolvimento osseo e dentario : aspectos biologicos, bioquimicos e moleculares da remodelação da matriz extracelular regulada pelas metaloproteinases de matriz e seus inibidores

    OpenAIRE

    Katiucia Batista da Silva Paiva

    2007-01-01

    Resumo: O objetivo deste trabalho foi delinear o perfil de expressão temporal e espacial das MMP-2 e -9, TIMP-1 e -2 e RECK durante os eventos de formação de tecidos mineralizados (osso, esmalte e dentina) em camundongos em fase embrionária, recém nascidos e indivíduos adultos através de imunohistoquímica e hibridização in situ. Durante a amelogênese em incisivos de rato adulto, na fase de secreção, as MMPs e RECK foram imunocoradas na região infracelular dos ameloblastos de secreção e RECK f...

  8. Estudos sôbre reservatórios e vectores silvestres do Trypanosoma cruzi. XXIV. Variação dos dados biométricos obtidos em amostras do T. cruzi isolados de casos humanos da Doença de Chagas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco Ferriolli Filho

    1968-02-01

    Full Text Available Estudo biométrico de 10 amostras de Trypanosoma cruzi isoladas de casos humanos da doença de CHAGAS, nove mantidas em camundongos brancos jovens e uma mantida em ratos brancos jovens, mostrou a existência de grandes variações amostrais. Assim os valores do comprimento total médio das diferentes amostras variaram entre 16,3μ e 21,8μ., enquanto os valores do índice nuclear médio oscilaram entre 0,93 e 1,52. Êstes resultados ampliam os limites de variações amostrais até agora observadas no T. cruzi, especialmente os que se referem ao índice nuclear médio.

  9. Papel do óxido nítrico na regulação da circulação pulmonar: implicações fisiológicas, fisiopatológicas e terapêuticas

    OpenAIRE

    Carlos Alan Dias-Junior; Stefany Bruno de Assis Cau; José Eduardo Tanus-Santos

    2008-01-01

    O nitric oxide (NO, óxido nítrico) é um mediador endógeno vasoativo que contribui para a homeostase vascular pulmonar. O NO é produzido por três isoformas das nitric oxide synthases (NOS, óxido nítrico sintases)-NOS neuronial (nNOS); NOS induzida (iNOS); e NOS endotelial (eNOS)-estando as três presentes no pulmão. Estudos que utilizaram inibidores farmacológicos ou camundongos knockout têm demonstrado que o NO derivado da eNOS desempenha importantes papéis ao modular o tônus vascular pulmonar...

  10. Estudo da prevenção da asma induzida por um alérgeno em um modelo animal com a administração de Saccharomyces cerevisiae UFMG 905

    OpenAIRE

    Vanessa Maciel Braulio da Fonseca

    2015-01-01

    A prevalência de asma tem aumentado em crianças e nas comunidades que adotam um estilo de vida ocidental e se tornam mais urbanizadas. A teoria da higiene sugere que a exposição a infecções e contato não higiênicos na infância pode proteger contra o desenvolvimento de asma. Probióticos são micro-organismos vivos que conferem um benefício à saúde do hospedeiro. O tratamento com Saccharomyces cerevisiae UFMG 905 protegeu camundongos contra infecções intestinais, preveniu a translocação bacteria...

  11. Estudo da patogenia do vírus da raiva por meio de amostras ERA e PV administradas por via oral em hamsters (M. auratus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciane Martins Alves

    2003-01-01

    Full Text Available Hamsters inoculados oralmente com as amostras de vírus rábico ERA e PV foram sacrificados após 24, 48 e 72 horas, 21 e 30 dias. Fragmentos do cérebro foram analisados através da imunofluorescência direta (IFD e heminested-PCR (hn-PCR. Os fragmentos do estômado, sangue, coração e pulmão foram examinados somente com a técnica de hn-PCR. Soros de outros hamsters, inoculados de modo similar e obtidos 30 dias após a inoculação, foram submetidos ao teste de soroneutralização (SNT em camundongos. No 45º dia pós-inoculação, os hamsters foram desafiados intracerebralmente com a amostra CVS, contendo 10(2,7DL50 em camundongos/0,03 mL. Os fragmentos do cérebro foram todos negativos ao teste de imunofluorescência. A hn-PCR detectou a presença de RNA do vírus da raiva no pulmão de um animal inoculado com a amostra ERA e, no cérebro, estômago, sangue e pulmão de hamsters inoculados com a amostra PV. As amostras de vírus inoculadas oralmente foram capazes de se replicar em diferentes órgãos, no entanto, todos od hamsters morreram ao desafio, indicando uma resposta imunológica insuficiente.

  12. Bioquímica da esquistossomose mansônica: envolvimento dos siderossomos nos processos inflamatórios hepáticos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Erlon Araújo Rodrigues

    1990-06-01

    Full Text Available Os processos inflamatórios que se desenvolvem durante as etapas avançadas da esquistossomose mansônica hepática foram relacionados, com o acúmulo de siderossomos, a capacidade dos íons ferrosos/férricos de desencadearem a formação de radicais livres e aperoxidação de lipídios membranáceos, assim como à diminuição da estabilidade das membranas dos diversos componentes do compartimento lisossômico hepático. Os lisossomos isolados de figados de camundongos infectados por 100 cercárias, com 80 e 100 dias de infecção, foram respectivamente, 2,5 e quase 4 vezes mais frágeis que os controles, isolados de figados de camundongos não infectados. A presença de siderossomos em grande quantidade foi demonstrada por espectrometria aos raios-X.The inflammatory processes that develop during the advanced stages of hepatic Schistosomiasis mansoni have been related in this study to: (a accumulation of siderosomes; (b capacity of the ferrous/ferric ions to unleash the formation of free radicals; (c peroxidation of membranaceous lipids and; (d reduction of stability of the membranes of several components of the hepatic lysosomal compartment. The lysosomes isolated from the livers of infected mice by 100 cercariae, with 80 and 100 days of infection, were respectively 2.5 and almost 4 times weaker than the control ones isolated from livers of non-infected mice. The presence of a great quantity of siderosomes has been demonstrated by transmission electronic microscopy and X-ray spectrometry microanalysis.

  13. O Mastomys natalensis como modelo alternativo nos estudos da esquistossomose mansoni experimental Mastomys natalensis as alternative model in studies on experimental schistosomiasis mansoni

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Alberto Moreira Campos

    1984-02-01

    Full Text Available Foram estudados aspectos da infecção e da imunidade experimentais em um roedor — o Mastomys natalensis — inoculado com a cepa LE (Belo Horizonte do Schistosoma mansoni, comparando os resultados com os do camundongo albino, animal tido como melhor modelo experimental. Os parâmetros estudados ofereceram resultados em tudo semelhantes aos encontrados em camundongos, com o M. natalensis se mostrando bastante sensível à infecção pelo S. mansoni, sendo de grande utilidade para os estudos da biologia do parasito e/ou observações da imu-nologia advinda da infecção. Somando-se a tal fato a grande reprodutividade do animal em cativeiro, a criação fácil, o manejo e a manutenção simples em laboratório, sugere-se que seja o M. natalensis usado como modelo experimental alternativo nos diversos estudos da esquistossomose mansoni.It was studied aspects of experimental infection and immunity in a rodent — Mastomys natalensis — infected by the LE strain of Schistosoma mansoni. The results were compared with those from albino mouse, that is an excellent animal for experimental schistosomiasis. The studied parameters showed similar results to those found in the mouse. M. natalensis is highly susceptible to S. mansoni infection, being very useful for biological studies and/or immunity observations about this kind of infection. In addition, the high reproduction rate in captivity, easy handling and unexpensive maintenance in laboratory, suggest that M. natalensis could be used as an alternative experimental model in schistosomiasis mansoni studies.

  14. Efeito do praziquantel incorporado a lipossomas nos diferentes estágios de desenvolvimento dos ovos de Schistosoma mansoni

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    T. F. FREZZA

    2009-01-01

    Full Text Available

    A esquistossomose mansônica é causada pelo trematódeo digenético intravascular Schistosoma mansoni. Para o tratamento dessa enfermidade o praziquantel (PZQ e a oxamniquina (OXA são os fármacos escolhidos. No entanto, esses fármacos apresentam limitações quanto à ação e casos de resistência ou tolerância já foram relatados. Por esse motivo, são necessários os estudos de novas alternativas que visam melhorar os fármacos já existentes, como a incorporação desses em lipossomas. Este estudo verificou a ação do praziquantel incorporado a lipossomas (lip.PZQ sobre os ovos de S. mansoni, linhagem BH em camundongos Mus musculus (Swiss- SPF. Para tanto, foram testadas quatro doses de PZQ e lip.PZQ (47; 60; 250 e 300mg/kg sendo que parte dos camundongos foi tratada após 30 dias de infecção e outra após 45 dias. A análise do oograma mostrou que a dose lip.PZQ 300mg/kg administrada no 45º dia de infecção foi mais eficaz, pois reduziu a oviposição pelas fêmeas de S. mansoni. Palavras-chave: Schistosoma mansoni; praziquantel; lipossoma; oograma.

  15. Efeitos dos anabolizantes sobre a densidade de neurônios dos núcleos da base

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ariane Cristine de Freitas

    Full Text Available RESUMO Objetivos: Pouco se sabe sobre a atuação dos esteroides androgênicos anabolizantes (EAA no cérebro humano e, por isso, resolvemos estudar a perda neuronal causada pelo uso e abuso de EAA em camundongos. Métodos: Utilizamos 60 camundongos da linhagem Swiss, sendo 30 machos e 30 fêmeas, divididos em três grupos: 20 animais foram tratados com Deposteron® (cipionato de testosterona; outros 20 animais foram tratados com Winstrol Depot® (stanozolol; os últimos 20 animais foram tratados com solução salina. Todos foram submetidos à natação por 15 minutos. Finalizado o tratamento, os animais foram sacrificados pelo método de inalação de Halotano. Os encéfalos foram retirados e armazenados em solução de formaldeído a 4% por 24 horas. De cada encéfalo foram retiradas amostras homotípicas da região média do cérebro em cortes frontais para que pudéssemos avaliar as áreas estabelecidas para este estudo. Resultados: As análises da estimativa dos perfis celulares mostraram que houve uma diminuição do número de perfis no núcleo pálido dos animais machos tratados com Winstrol Depot®. Conclusão: Esses resultados nos permitem inferir que o uso inadequado e sem orientação médica de EAA pode levar a degenerações celulares.

  16. Pneumocystis carinii: its incidence in rodents and enhancement of the infection by corticosteroids

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Helly A. Lage

    1973-01-01

    Full Text Available A survey was made on the incidence of Pneumocystis carinii in 361 rodents including sewer rats, albino rats, albino mice, guinea-pigs and rabbits. P. carinii was found in 4 of the 215 Rattus norvegicus examined (1,8%. These results accord with recent observations but disagree with investigations made by the researchers who first studied this parasite in the past when high indexes of infection were found. However, in 20 albino rats treated with corticosteroids (betamethazone we found 8 positive (40% and in 20 albino mice treated by the same way, 9 were positive for P. carinii (45%. These results confirm the opportunistic character of P. carinii in rodents already well demonstrated in man.Foi feita uma investigação sobre a ocorrência de P. carinii em 361 roedores, incluindo ratos de esgoto, ratos albinos, camundongos albinos, cobaios e coelhos. Só foram encontrados positivos 4 Rattus norvegicus em 215 examinados (1.8%. Estes resultados estão de acordo com observações feitas nos últimos anos, os quais constrastam com as verificações feitas nos primeiros anos, os quais contrastam com as verificações feitas nos primeiros anos de estudo do P. carinii, quando foram assinalados altos índices infecciosos. Entretanto, em 20 ratos albinos tratados com corticosteróides (betametasona foram encontrados 8 positivos (40%; e em 20 camundongos albinos, tratados do mesmo modo, foram encontrados 9 positivos (45%. Estes resultados confirmaram o caráter oportunístico do P. carinii no roedores, do mesmo modo como acontece no homem.

  17. Suscetibilidade aos agentes quimioterápicos de isolados de Schistosoma mansoni oriundos de pacientes tratados com oxamniquine e praziquantel e não curados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Neusa Araújo

    1996-10-01

    Full Text Available Foram estudados dez isolados de Schistosoma mansoni provenientes de pacientes residentes em Itaquara, Bahia, Brasil, tratados com oxamniquine eposteriormente com praziquantel, e ainda assim não curados. Caramujos (Biomphalaria glabrataj foram expostos a miracídios provenientes das fezes dos pacientes. Cercãrías eliminadas por estes caramujos e por moluscos coletados no peridomicílio dos pacientes foram utilizadas para infecção experimental de camundongos albinos. Os animais infectados foram tratados em dose única, via oral, com oxamniquine (25, 50 e 100 mg/kg ou praziquantel (100, 200 e 400mg/kg. Foram realizados estudos de análise e comparação de DNA de cercãrías de S. mansoni eliminadas pelos caramujos e de vermes adultos recolhidos de camundongos infectados experimentalmente com os isolados dos 10 pacientes e ainda de cercãrías de S. mansoni eliminadas por moluscos naturalmente infectados coletados em Itaquara. A cepa LE (mantida rotineiramente no laboratório foi usada como padrão de comparação da resposta aos agentes esquistossomicidas administrados. As respostas terapêuticas foram significativamente diferentes entre alguns dos isolados embora não fosse possível caracterizar nenhum como resistente. A análise dos perfis de amplificação de DNA nas cercãrías e nos vermes adultos dos isolados de S. mansoni demonstrou baixo grau de variabilidade indicando que estes são geneticamente próximos e revelando a ausência de rearranjos globais dentro dos genomas.

  18. Subacute sclerosing panencephalitis: clinical aspects and prognosis. The Brazilian Registry Panencefalite esclerosante subaguda, aspectos clínicos e prognóstico: Registro Brasileiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    MAGDA LAHORGUE NUNES

    1999-06-01

    Full Text Available Subacute sclerosing panencephalitis (SSPE is an inflammatory neurodegenerative disease related to the persistence of measles virus. Although its frequency is declining because of measles eradication, we still have some cases being diagnosed. With the aim to describe epidemiological aspects of SSPE in Brazil, we sent a protocol to Child Neurologists around the country, 48 patients were registered, 27 (56 % were from the southeast region, 34 (71% were male and 35 (73% white, 27 (56% had measles, 9 (19% had measles and were also immunized, 7 (14% received only immunization, 1 patient had a probable neonatal form. Mean time between first symptoms and diagnosis was 12 months (22 started with myoclonus or tonic-clonic seizures, 7 (14% with behavioral disturbances; 36 patients (75% had EEG with pseudoperiodic complexes. Follow up performed in 28 (58 % patients showed: 12 died, 2 had complete remission and the others had variable neurological disability Our data shows endemic regions in the country, a high incidence of post-immunization SSPE and a delay between first symptom and diagnosis.A panencefalite esclerosante subaguda é doença neurodegenerativa inflamatória relacionada à persistência do vírus do sarampo no organismo. Sua incidência vem diminuindo significativamente com a erradicação do sarampo, mas eventualmente alguns casos ainda têm sido diagnosticados. Com o objetivo de descrever aspectos epidemiológicos da panencefalite no Brasil contactamos Neurologistas Infantis de todo país. Foram registrados 48 pacientes, 27% da região sudeste, 34 (70% do sexo masculino, 35 (73% brancos, 9 (19% apresentaram sarampo e receberam imunização, 7 (14% somente imunizados, um paciente apresentou provável forma neonatal. Intervalo médio entre primeiro sintoma e diagnóstico de 12 meses, 22 pacientes (45% iniciaram o quadro com mioclonus ou convulsões tônico-clônicas, 7 (14% com distúrbios comportamentais; 36 (75% apresentaram EEG com

  19. Efeito do dimetildioctadecilamônio na resposta imune humoral e celular de cobaios inoculados com o herpesvírus bovino-1 inativado Effect of dimethyl dioctadecyl ammonium chloride on the humoral and cellular response to inactivated bovine herpesvirus-1 in guinea pigs

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L.C. Silva

    2004-06-01

    Full Text Available Avaliou-se o potencial adjuvante do cloreto de dimetildioctadecilamônio (DDA cloreto em estimular as respostas imune humoral e celular, do tipo hipersensibilidade cutânea tardia (DTH, em cobaios que receberam preparações de antígeno contendo o herpesvírus bovino tipo 1 (BHV-1 inativado. Os animais foram vacinados com o BHV-1 em cinco diferentes formulações, representadas pelos grupos: A- adjuvante completo / incompleto de Freund, B- hidróxido de alumínio (Al(OH3, C- DDA cloreto, D- associação Al(OH3 / DDA cloreto e E- BHV-1 em solução aquosa sem adjuvante. Os animais do grupo F, grupo-controle negativo, foram inoculados apenas com meio de cultivo celular. Os maiores títulos de anticorpos neutralizantes do BHV-1, expressos em log2, foram obtidos nos grupos D, A e C, com títulos de 6,25, 6,0 e 5,25, respectivamente. Na avaliação da DTH, os maiores aumentos na espessura da dobra da pele foram observados nos grupos A (2,4mm, C (1,8mm e D (1,1mm. O DDA cloreto, utilizado tanto de forma isolada quanto em associação, determinou a potencialização das respostas imunológicas humoral e celular de cobaios imunizados com o BHV-1 inativado.The adjuvanticity of dimethyl dioctadecyl ammonium chloride (DDA chloride to induce humoral and cell mediated (delayed type hypersensitivity - DTH - immune responses was assessed in guinea pigs that received antigen preparations containing inactivated bovine herpesvirus type 1 (BHV-1. The animals were vaccinated with five different formulations, containing BHV-1 represented by groups: A- complete/incomplete Freund adjuvant, B- aluminum hydroxide (Al(OH3, C- DDA chloride, D- association Al(OH3/DDA and E- BHV-1 in aqueous solution without adjuvant. Group F was the negative control group and the animals received only cell culture medium. The higher titers of BHV-1 neutralizing antibodies, expressed in log2, were obtained in groups D, A and C with values of 6.25, 6.0 and 5.25, respectively. In the DTH

  20. Stability of Citrus tristeza virus protective isolates in field conditions Estabilidade de isolados protetores contra Citrus tristeza virus em condições de campo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alessandra Tenório Costa

    2010-07-01

    Full Text Available The objective of this work was to monitor the maintenance of Citrus tristeza virus (CTV protective isolates stability in selected clones of 'Pêra' sweet orange (Citrus sinensis, preimmunized or naturally infected by the virus, after successive clonal propagations. The work was carried out in field conditions in the north of Paraná State, Brazil. Coat protein gene (CPG analysis of 33 isolates collected from 16 clones of 'Pêra' sweet orange was performed using single strand conformational polymorphism (SSCP. Initially, the isolates were characterized by symptoms of stem pitting observed in clones. Then viral genome was extracted and used as template for the amplification of CPG by reverse transcription polimerase chain reaction (RTPCR. RTPCR products electrophoretic profiles were analyzed using the Jaccard coefficient and the UPGMA method. The majority of the clones had weak to moderate stem pitting symptoms and its CTV isolates showed alterations in the SSCP profiles. However, the stability of the protective complex has been maintained, except for isolates from two analised clones. Low genetic variability was observed within the isolates during the studied years.O objetivo deste trabalho foi monitorar a manutenção da estabilidade de isolados protetores contra Citrus tristeza virus (CTV em clones selecionados de laranja 'Pêra' (Citrus sinensis pré-imunizados ou infectados naturalmente pelo vírus, após sucessivas propagações clonais. O trabalho foi realizado em condições de campo, no norte do Estado do Paraná. A análise do gene da capa protéica (GPC de 33 isolados, coletados de 16 clones de laranjeira 'Pêra', foi realizada com o uso da técnica polimorfismo conformacional da fita simples (SSCP. Inicialmente, os isolados foram caracterizados por meio de sintomas de caneluras observados nos clones. Em seguida, o genoma viral foi extraído e utilizado como molde para a amplificação do GCP com uso da transcrição reversa da rea

  1. Aspectos imunológicos do sistema enzimático fenoloxidase de Schistosoma mansoni Immunological aspects of the phenol oxidase enzymatic system of Schistosoma mansoni

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Tadeu Ribeiro-Paes

    1994-10-01

    Full Text Available O sistema enzimático fenoloxidase (EC 1.10.3.1, EC 1.10.3.2 está amplamente distribuido entre os seres vivos, tendo sido descrito em diferentes espécies do reino animal e vegetal. Apesar de desempenhar um papel fundamental na formação da cápsula ou parede dos ovos de trematódeos, o sistema enzimático fenoloxidase (PO tem sido pouco estudado nesses organismos. No presente trabalho são apresentados os resultados iniciais de imunizações de coelhos contra PO de fêmeas adultas de S. mansoni e tirosinase de cogumelo (Sigma. As análises imunológicas, realizadas através de imunodifusão dupla (teste de Ouchterlony e imunoeletroforese, revelaram identidade imunitária parcial entre a PO de machos e fêmeas. Não se observou reação cruzada entre os antissoros de coelhos imunizados contra PO e aqueles com tirosinase, indicando que, embora os sítios catalíticos de ambas as enzimas devam ser semelhantes, já que atuam sobre os mesmos substratos, os determinantes antigênicos devem ser diferentes. Os resultados descritos no presente trabalho representam um primeiro passo no sentido da purificação das isoenzimas da fenoloxidase e sua posterior utilização ao estudo dos mecanismos moleculares envolvidos na esclerotização da parede dos ovos de S. mansoni.The phenol oxidase enzymatic system (EC 1.10.3.1, EC 1.10.3.2 is widespread in different species of the animal and vegetal kingdom. Despite its importance in the eggshell formation of the trematodes phenol oxidase (PO has been little studied in these organisms, mainly in S. mansoni. This report presents the initial results concerning the immunization of rabbits with PO of S. mansoni and mushroom tyrosinase. The immunological analysis done by means of double immu-nodifusion (Ouchterlony and immunoelectrophoresis techniques revealed some immunological identity between the PO of males and females. It was not seen cross reaction between the antisera against PO and tyrosinase, what suggests

  2. Infecção pelo vírus da hepatite B em hemofílicos em Goiás: soroprevalência, fatores de risco associados e resposta vacinal Seroprevalence, vaccination response and risk factors for hepatitis B virus infection in hemophiliacs in Goiás

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renato S. Tavares

    2004-01-01

    Full Text Available Objetivando determinar a prevalência da infecção pelo vírus da hepatite B (HBV em hemofílicos em Goiás, analisar os fatores de risco associados e avaliar a resposta vacinal contra hepatite B, 102 pacientes foram entrevistados e amostras sangüíneas coletadas para detecção dos seguintes marcadores sorológicos: HBsAg, anti-HBs e anti-HBc. Uma prevalência global de 43,7% (IC 95%: 33,5-54,2 para infecção pelo HBV foi encontrada. A análise multivariada dos fatores de risco mostrou que o número de episódios transfusionais e sorologia positiva para o vírus da hepatite C estiveram significantemente associados à positividade ao HBV. Foram identificados 49 (48,1% hemofílicos susceptíveis a esta infecção, sendo imunizados 30 pacientes com a vacina recombinante Euvax-B. Destes, 28 (93,3% indivíduos apresentaram títulos de anti-HBs maiores que 10 UI/L, o que mostra uma boa resposta à vacina. Os achados deste estudo ressaltam a importância das medidas de controle e prevenção da hepatite B nesta população.In order to study the prevalence and risk factors for hepatitis B in hemophiliacs in Goiás, 102 patients were interviewed and blood samples collected and screened for the following serological markers: HBsAg, anti-HBs and anti-HBc. An overall prevalence of 43.7% (95% IC: 33.5-54.2 was found to hepatitis B virus (HBV infection. Multivariate analysis of risk factors showed that the number of transfusions and positive serology for hepatitis C virus were significantly associated with HBV positivity. There were 48 (48.1% susceptible patients for this infection, of whom 30 were immunized with the Euvax-B vaccine. Among them, 28 (93.3% individuals developed anti-HBs titers higher than 10 IU/L. Thus, a good response was observed in the studied population. The findings of this study emphasize the importance of strategies of control and prevention of hepatitis B in this population.

  3. Proteínas do feijão preto sem casca: digestibilidade em animais convencionais e isentos de germes (germ-free Proteins of dehulled black beans: digestibility in conventional and germ-free animals

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Conceição Angelina dos Santos PEREIRA

    2002-01-01

    Full Text Available O feijão (Phaseolus vulgaris, L. é uma leguminosa de grande importância para a dieta da população brasileira. No entanto, um de seus maiores problemas é representado pelo baixo valor nutricional de suas proteínas, decorrente, por um lado, da sua baixa digestibilidade e, de outro, do teor e biodisponibilidade reduzidos de aminoácidos sulfurados. Com o objetivo de avaliar a digestibilidade das proteínas albumina e globulina do feijão preto sem casca, foram realizados ensaios biológicos com camundongos isentos de germes e convencionais e com ratos (Wistar, recém-desmamados, com idade de 21 a 25 dias. Avaliou-se ainda o Escore Químico Corrigido pela Digestibilidade da Proteína. A digestibilidade verdadeira no experimento com camundongos isentos de germes foi de 90,21 e 90,00%, no teste com camundongos convencionais foi de 85,53 e 86,73%, e no experimento com ratos foi de 82,62 e 68,53%, para albumina e globulina, respectivamente. O Escore Químico Corrigido pela Digestibilidade da Proteína foi de 61,00% para a albumina e 51,00% para a globulina. A digestibilidade determinada em animais isentos de germes foi superior aos valores encontrados em animais convencionais, sugerindo que a flora intestinal esteja contribuindo para elevar o teor de nitrogênio nas fezes dos animais convencionais, e, portanto, esteja sendo subestimada a digestibilidade verdadeira do feijão.The bean (Phaseolus vulgaris, L. is a legume of great importance in the Brazilian typical diet. Nevertheless, it presents a low protein quality due to its poor digestibility and low levels and bioavailability of its sulfur aminoacids. The aim of this study was to evaluate the digestibility of albumin and globulin protein fractions of dehulled black beans in conventional and germ-free mice and also in weaning rats (Wistar of 21 to 25 days of age. Protein Digestibility Corrected Amino Acid Score was also determined. True digestibility values in germ-free mice were 90.21 and 90

  4. Functional analysis of the murine T lymphocyte immune response to a protozoan parasite, Leishmania tropica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    H. D. Engers

    1983-03-01

    Full Text Available The results presented in this review summarize a seirs of experiments designed to characterize the murine T cell imune response to the protozoan parasite Leishmania tropica. Enriched T cell populations and T cell clones specific for L. tropica antigens were derived from lymph nodes of primed mice and maintained in continous culture in vitro. These T lymphocytes were shown (A to express the Lyt 1+ 3- cell surface phenotype, (B to proliferate specifically in vitro in response to parasite antigens, together with a source of irradiated syngeneic macrophages, (C to transfer antigen-specific delayed-type hypersensitivity (DTH responses to normal syngeneic mice, (D to induce specific activation of parasitized macrophages in vitro resulting in the destruction of intracellular parasites, (E to provide specific helper activity for antibody responses in vitro in a hapten-carrier system. Protection studies using these defiened T cell populations should allow the characterization of parasite antigen(s implicated in the induction of cellular immune responses beneficial for the host.Os resultados apresentados nesta revisão, sumariam uma série de experimentos planejados no sentido de caracterizar a resposta imune de linfócitos T de camundongos, para o protozoário parasita Leishmania tropica. Populações enriquecidas de linfócitos T e clones de linfócitos T específicos para antígenos de L. tropica foram derivados de gânglios linfáticos de camundongos primados e a seguir mantidos em cultura contínua in vivo. Ficou demonstrado que estes linfócitos T eram capazes de: A Expressar o fenótipo de superfície celular Lyt 1+ 2-, B Proliferar en vitro especificamente em resposta aos antígenos parasitários quando em presença de macrófagos singênicos irradiados, C Transferir uma resposta tipo hipersensibilidade retardada antiígeno especifico à camundongos normais singênicos, D Induzir ativação específica de macrófagos parasitizados in vitro

  5. Antiinflammatory, antinociceptive and antipyretic effects of hydroethanolic extract from Macrosiphonia velame (A. St.-Hil. M. Arg. in animal models

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Reginaldo Vicente Ribeiro

    2010-09-01

    Full Text Available Macrosiphonia velame (Apocynaceae, popularly known as "velame-branco", is mainly used for treating inflammatory conditions. The antiinflammatory, antinociceptive and antipyretic effects of the hydroethanolic extract of the xylopodium from M. velame (HEMv were evaluated using several animal models. HEMv showed low acute oral toxicity with LD50 of 4.176 ± 218.5 mg/kg in mice. In tests of carrageenan and dextran-induced paw edema and carrageenan-induced pleurisy in rats, and croton oil-induced cutaneous dermatitis in mice, HEMv presented systemic and topical antiinflammatory activities. In experiments of nociception induced by acetic acid, formalin and capsaicin in mice, the HEMv evidenced an antinociceptive effect, being active against both inflammatory and neurogenic pain. Additionally, the HEMv prevented brewer's yeast-induced pyrexia in rats. It is likely that the pharmacologic mechanism of HEMv may involve the inhibition of different mediators of the inflammatory response, such as histamine, serotonin, prostaglandins and leukotrienes. A preliminary phytochemical study was also undertaken on HEMv, which revealed the presence of flavonoids, phenolic compounds, pentacyclic triterpenoids, saponins, coumarins, catechins, tannins, and alkaloids. Taken together, these results suggest that M. velame extract has antiinflammatory, antinociceptive and antipyretic properties and further validate the traditional use of this plant in inflammatory conditions.Macrosiphonia velame (Apocynaceae, conhecida popularmente como velame-branco, é utilizada no tratamento de inflamações. Avaliou-se nesse estudo, os efeitos antiinflamatório, antinociceptivo e antipirético do extrato hidroetanólico do xilopódio de M. velame (HEMv em modelos animais. O HEMv apresentou baixa toxicidade aguda oral, com DL50= 4.176 ± 218,5 mg/kg nos camundongos. Nos testes de edema de pata por carragenina e dextrana e pleurisia por carragenina em ratos e dermatite cutânea por

  6. Isolamento de células-tronco mesenquimais da medula óssea Isolation of bone marrow mesenchymal stem cells

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata Aparecida de Camargo Bittencourt

    2006-01-01

    Full Text Available As Células-Tronco Mesenquimais (CTMs têm alta capacidade de se renovar e diferenciar em várias linhagens de tecido conjuntivo. Este trabalho teve como objetivo isolar as CTMs da medula óssea de camundongos utilizando dois diferentes meios de cultura e caracterizá-las através de imuno-marcação com anti-vimentina. Foram utilizados 6 camundongos BALB/c com 15 dias de idade. A medula óssea foi coletada do canal medular das tíbias e fêmures dos camundongos e ressuspensas em uma concentração final 6x10(5, em meio Knockout- DMEM e DMEM alta concentração de glicose, suplementados com 10% SBF, mantidas em estufa a 37° C em uma atmosfera úmida a 5% de CO2 e 95% de ar por 72 horas, quando as células não aderentes foram removidas durante a troca do meio. O número e densidade de células com morfologia fibroblastóide foram maior no meio Knockout- DMEM em cinco dias de cultura versus 10-20 dias para conseguir a mesma concentração celular com o DMEM alta concentração de glicose. As células de ambos grupos apresentaram intensa marcação com anticorpo anti-vimentina, caracterizando-as como CTMs. A obtenção mais rápida das CTMs é fundamental para o campo da terapia celular, principalmente quando se deseja utilizar estas células no reparo de tecidos de origem mesenquimal.Mesenchymal Stem Cells (MSCs have a high ability to renew and differentiate themselves into various lineages of conjunctive tissues. This study aimed to isolate the MSCs from murine bone marrow by using two different growth media and to characterize them with immunostaining with antivimentin antibody. We used six 2-week old BALB/c mice. Bone marrow was collected from mice's tibial and femoral channels and re-suspended in a final strength of 6x105 in Knockout-DMEM and high-glucose-DMEM media, supplemented by 10% FBS, and kept in a humidified 5% CO2 incubator at 37º C for 72 h, when non-adherent cells were removed during the change of medium. The number and density

  7. Spleen cell proliferation during and after skin myiasis by human bot fly Dermatobia hominis Proliferação de células do baço durante e após miíase por Dermatobia hominis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jomara Mendes Gonçalves

    2009-06-01

    Full Text Available Spleen cells from mice were examined at 5, 10, 15, 20 and 25 days post-infection (dpi with Dermatobia hominis larva and at 5, 10, 15, 30 and 60 days post-larval emergence (dple. Cell proliferation in vitro assays were carried out with RPMI-1640 medium and larval secretory product (LSP of D. hominis at 5, 10, 15, 20 and 25 days. When each group of mice was tested against each medium, significance was only seen for 25 dpi, with increasing order: LSP-10 d, -25 d, -5 d, -20 d, -15 d and RPMI. Significant results were also observed when each medium was tested against mice at each dpi or dple. Each dple group vs. each medium produced significant results only for 10 dple, with increasing order: LSP-5 d, -20 d, -25 d, -10 d, -15 d and RPMI. Comparative tests were also carried out between groups to refine certain observations. The LSPs were also analyzed using SDS-PAGE. The results prove that myiasis caused depletion of spleen cells, particularly under the effect of the LSP-10 and -15, but the cells tended to increase up to 60 dple. This in vitro assay may represent the real systemic immune response in the relationship LSP-D. hominis-host.Células do baço de camundongos foram examinadas aos 5, 10, 20 e 25 dias pós-infecção (dpi com Dermatobia hominis e examinadas aos 5, 10, 15, 30 e 60 dias pós-emergência da larva (dpel. As células foram cultivadas em meio RPMI-1640 contendo, ou não (controle, produtos de secreção das larvas (PSL de D. hominis com idade de 5, 10, 15, 20 e 25 dias. Em cada grupo com cinco camundongos testados nos meios de cultura, o número de células foi significativo para 25 dpi, com crescente aumento na seguinte ordem: PSL-10 d, -25 d, -5 d, -20 d, -15 d e RPMI. Resultados significantes foram também observados nos testes entre cada meio contendo células tanto de camundongos dpi ou dpel. Em cada dpel grupo versus meio significância foi somente verificada para 10 dpel, na ordem crescente: PSL-5 d, -20 d, -25 d, -10 d, -15 d

  8. Comparação dos Métodos para Diagnóstico da Toxoplasmose Congênita A Comparison between Methods for the Diagnosis of Congenital Toxoplasmosis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flávia Cipriano Castro

    2001-06-01

    Full Text Available Objetivo: avaliar a eficácia da reação em cadeia da polimerase (PCR no líquido amniótico para a detecção da contaminação fetal pelo Toxoplasma gondii em gestantes com infecção aguda e correlacionar com a técnica de inoculação e a histologia da placenta. Métodos: trinta e sete pacientes foram estudadas prospectivamente e o diagnóstico foi baseado na identificação da infecção aguda materna, seguido pela amniocentese guiada pela ultra-sonografia para obtenção de líquido amniótico para a realização de PCR e inoculação em camundongo. As pacientes foram tratadas com espiramicina durante a gestação; se a infecção fetal era demonstrada, pirimetamina e sulfadiazina eram acrescentadas ao esquema. As placentas foram encaminhadas para exame histológico. As crianças foram acompanhadas durante um período que variou de três a 23 meses para a confirmação ou exclusão da toxoplasmose congênita. Resultados: medidas de associação como sensibilidade, especificidade e valores preditivos foram calculadas para a PCR no líquido amniótico, a inoculação em camundongo e a histologia da placenta, mostrando os seguintes resultados: para a PCR, uma sensibilidade de 66,7% e especificidade de 87,1%; os respectivos valores para a inoculação em camundongo foram 50 e 100% e para a histologia da placenta foram 80 e 66,7%. Conclusões: embora a PCR não deva ser utilizada isoladamente para diagnóstico de toxoplasmose congênita, é um método promissor e necessita de maiores estudos para melhorar sua eficácia.Objective: to test the effectiveness of the polymerase chain reaction (PCR in the amniotic fluid for the detection of fetal contamination due to Toxoplasma gondii in pregnant women with acute infection and to correlate it with the inoculation technique and the histology of the placenta. Methods: thirty-seven patients were prospectively studied and the diagnosis was based on the identification of maternal acute infection followed

  9. Behavior of Leishmania major metacyclic promastigotes during the course of infection and immune response development in resistant versus susceptible hosts Comportamento de promastigoteas metacíclicos de Leishmania major durante o curso da infecção e da resposta imune em hospedeiros resistentes versus suscetíveis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Regina Coeli Cunha Dórea

    2003-11-01

    negativamente carregadas, enquanto que promastigotas metacíclicos não se aderem à coluna e podem ser recuperados com facilidade. Condições ótimas de cromatografia foram validadas por análise estatística. O rendimento médio de parasitas obtidos após separação em colunas de lã de vidro e a viabilidade dos promastigotas foram estimados por microscopia óptica. Os promastigotas metacíclicos tiveram um rendimento médio de 43,5% a 57,5%. Camundongos BALB/c (susceptíveis e camundongos C57BL/6 (resistentes apresentaram padrões distintos de lesões cutâneas, os primeiros com lesões mais agressivas, induzidas por promastigotas metacíclicos. As respostas à reação de HTR foram maiores nos grupos de camundongos C57BL/6, submetidos à infecção com promastigotas metacíclicos. Estes resultados indicam que o novo método poderia ser integrado aos protocolos existentes para estudar a metaciclogênese de parasitas do gênero Leishmania in vivo.

  10. Vacina acelular contra pertússis para adolescentes Acellular pertussis vaccine for adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aroldo P. de Carvalho

    2006-07-01

    Full Text Available OBJETIVOS: A utilização da vacina de células inteiras contra coqueluche levou a uma redução significativa na incidência da enfermidade na criança. Essa mudança no perfil epidemiológico resultou em aumento no número de casos em adolescentes e adultos, conseqüente à perda da imunidade conferida pela doença ou por vacina após cerca de 10 anos, e em lactentes não imunizados ou incompletamente imunizados. O licenciamento da vacina tríplice bacteriana contra difteria, tétano e coqueluche acelular, com formulação específica para maiores de 10 anos de idade (dTpa, apontou para a possibilidade do controle da coqueluche na população das faixas etárias mais acometidas nos últimos anos. FONTE DE DADOS: As informações foram coletadas na base de dados MEDLINE. A pesquisa foi limitada ao período compreendido entre janeiro de 1995 a janeiro de 2006. SÍNTESE DOS DADOS: Estão licenciadas em alguns países duas vacinas dTpa para a faixa etária maior de 10 anos de idade, uma delas contendo cinco componentes imunogênicos da Bordetella pertussis: toxina pertússis, hemaglutinina filamentosa, fimbrias 2 e 3 e pertactina, e a outra contendo três componentes: pertactina, hemaglutinina filamentosa e toxina pertússis inativada, sendo esta a única apresentação licenciada até o momento no Brasil. Embora a composição das duas vacinas seja diferente, os estudos mostram que a imunogenicidade e a eficácia são semelhantes. Entretanto, alguns autores enfatizam que existem dificuldades para a realização de uma avaliação mais precisa da resposta imunológica à vacina e sua duração. Vários países já recomendam de rotina o uso da vacina dTpa para adolescentes. O Canadá ampliou a população alvo até 54 anos de idade. A orientação é de que esse grupo receba uma dose da vacina como reforço do esquema básico de imunização. Isso é fundamentado em resultados de estudos que mostram que a duração da imunidade induzida pela

  11. The combination of Passiflora alata and Valeriana officinalis on memory tasks in mice: comparison with diazepam

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Helvo Slomp Junior

    2010-12-01

    Full Text Available The effect of a compound combining Valeriana officinalis and Passiflora alata extracts was tested on two mouse memory models: habituation and step-through inhibitory avoidance. Diazepam (1.0 and 2.5 mg/kg was used as a positive control. Acute diazepam (2.5 mg/kg before training impaired the habituation and performance in the inhibitory avoidance. On the other hand, acute phytotherapeutic compound (40-160 mg/kg, also before the training session, did not alter mouse behavior in these models. Repeated (15 days treatment with the compound also did not impair the habituation. At the doses used, no locomotor effect was found. Taken together, the results suggest that, contrary to diazepam, the anxiolytic Valeriana officinalis and Passiflora alata compound did not induce amnesia.Avaliou-se o efeito de um composto fitoterápico de Valeriana officinalis e Passiflora alata em dois modelos de memória em camundongos: habituação e esquiva inibitória tipo step-trough. Diazepam (1,0 e 2,5 mg/kg foi empregado como controle positivo. Agudamente, a administração de diazepam (2,5 mg/kg antes do treino prejudicou o desempenho na habituação e na esquiva inibitória. Por outro lado, a administração aguda do composto fitoterápico (40-160 mg/kg antes do treino não alterou o comportamento dos camundongos nestes modelos. Tratamento com o composto fitoterápico por 15 dias também não alterou o comportamento dos animais. Nas doses empregadas não se observou alteração da atividade motora. Os dados sugerem que, diverso do diazepam, este fitoterápico ansiolítico composto de Valeriana officinalis e Passiflora alata não causa amnésia.

  12. Evolution of sarcoma 180 (ascitic tumor in mice infected with Schistosoma mansoni

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fausto Edmundo Lima Pereira

    1986-03-01

    Full Text Available Mice infected with 60 cercariae of Schistosoma mansoni were more resistant to the sarcoma 180 ascites tumor. Tumor inoculation was performed 50 days after schistosoma infection and the animals were observed and weighed at 48 hours intervals for development and progression of malignancy. In infected mice the weight gain (ascites formation started later and was shorter than in uninfected Controls. Also, the number of tumor cells into the peritoneal cavity 72h after tumor implantation was shorter in infected group than incontrols. This in creased resistance against a transplantable tumor probably is related to the effect of endotoxin on tumoricidal activity of macrophages activated by the infection. The immunodepression induced by Schistosoma mansoni infection enhances the proliferation of endogenous bacteria increasing the amount of endotoxin absorbed from the gut.Camundongos infectados com 60 cercárias de Schistosoma mansoni tomaram-se mais resistentes ao sarcoma 180 na forma de tumor ascítico. A inoculação das células tumorais foi feita no 50º dia de infecção e a evolução do tumor foi acompanhada através dapesagem dos animais com intervalos de 48 horas. Nos camundongos infectados o ganho de peso (formação da ascite começou mais tarde e foi menor do que nos controles não infectados. Também o número de células tumorais na cavidade peritoneal 72 horas após a implantação do tumor foi menor no grupo infectado. Este aumento de resistência a um tumor transplantávelpossivelmente está relacionado ao efeito de endotoxinas sobre a atividade tumoricida dos macrofagos ativados pela infecção. A imunossupressão induzida pela infecção favorece a proliferação de bactérias da flora endógena aumentando a quantidade de endotoxinas absorvidas pelo intestino.

  13. Schistosoma mansoni: evaluation of the activity of oxamniquine on schistosomules, at 24 hours after infection Schistosoma mansoni: avaliação da atividade da oxamniquina (Mansil* em esquistossômulos com 24 horas após infecção

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Marcos Zech Coelho

    1993-12-01

    Full Text Available Mice transcutaneously infected with about 400 cercariae were submitted to treatment with oxamniquine (400 mg/kg, 24 hours after infection. The recovery of schistosomules, at 4, 24, 48 and 72 hours and 35 days after treatment, showed the activity of the drug on the parasites, thus practically preventing their migration from the skin to the lungs. Worm recovery performed in the lungs (96 hours after treatment showed recovery means of 0.6 worms/mouse in the treated group and 53.8 in the control group (untreated. The perfusion of the portal system carried out at 35 days after treatment clearly showed the elimination of all the parasites in the treated group, whereas a recovery mean of 144.7 worms/mouse was detected in the control group (untreated. These findings confirm the efficacy of oxamniquine at the skin phase of infection, and also show similarity with the immunization method that uses irradiated cercariae. The practical application of these findings in the medical clinic is discussed tooCamundongos infectados transcutaneamente com cerca de 400 cercárias foram submetidos a tratamento com oxamniquina (400 mg/kg, 24 horas após a infecção. A recuperação dos esquistossômulos a nível da pele mostrou a atividade da droga nos parasitos e impediu praticamente sua migração para os pulmões. A recuperação a nível pulmonar (96 horas após tratamento mostrou uma média de 0,6 vermes por camundongo no grupo tratado e 53,8 no grupo controle, não tratado. A perfusão do sistema porta, realizada aos 35 dias após infecção, mostrou claramente a eliminação de todos os parasitos no grupo tratado, enquanto foi recuperada uma média de 144,7 vermes no grupo controle, não tratado. Estes achados vem comprovar a eficácia da oxamniquina na fase cutânea da infecção e mostra analogia com o sistema de imunização que usa cercárias irradiadas. Também se discute a aplicação destes resultados na clínica

  14. Cytotoxic evaluation of essential oil from Zanthoxylum rhoifolium Lam. leaves Avaliação citotóxica do óleo volátil extraído das folhas do Zanthoxylum rhoifolium Lam.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Saulo Luis da Silva

    2007-06-01

    Full Text Available Zanthoxylum rhoifolium Lam is a plant popularly used as antimicrobial, for malaria and inflammatory treatment. The essential oil of Z. rhoifolium was extracted and its cytotoxic effects against HeLa (human cervical carcinoma, A-549 (human lung carcinoma, HT-29 (human colon adenocarcinoma, Vero (monkey kidney cell lines and mice macrophages were evaluated. Some of the terpenes of its essential oil (ß-caryophyllene, alpha-humulene, alpha -pinene, myrcene and linalool were also tested to verify their possible influence in the oil cytotoxic activity. The results obtained permitted to confirm that the essential oil is cytotoxic against tumoral cells (CD50 = 82.3, 90.7 and 113.6 µg/ml for A-549, HeLa e HT-29 cell lines, respectively, while it did not show cytotoxicity against non-tumoral cells (Vero and mice macrophages. Thus, the essential oil from Z. rhoifolium leaves seems to present a possible therapeuthic role due to its selective cytotoxic activity against tumoral cell lines.O Zanthoxylum rhoifolium Lam. é uma planta popularmente utilizada como antimicrobianos, no tratamento da malária e de inflamações. O óleo volátil do Z. rhoifolium foi extraído e posteriormente foi avaliada a sua citotoxicidade contra células HeLa (carcinoma cervical humano, A-549 (carcinoma de pulmão humano, HT-29 (adenocarcinoma de cólon humano, Vero (rim de macaco e macrófagos de camundongos. Alguns terpenos constituintes do óleo volátil (beta-cariofileno, alfa -humuleno, alfa -pineno, mirceno e linalool também foram testados para verificar as possíveis influências sobre a citotoxicidade do óleo. Os resultados obtidos permitiram verificar que o óleo volátil é citotóxico contra células as tumorais (CD50 = 82.3, 90.7 e 113.6 µg/ml para A-549, HeLa e HT-29 cell lines, respectivamente, mas não apresenta citotoxicidade contra as células não tumorais (Vero e macrófagos de camundongos. Desta forma o óleo volátil das folhas do Z. rhoifolium demonstra

  15. Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafaella Grenfell

    2013-04-01

    Full Text Available If Schistosoma mansoni infection could be detected in its early stages, especially before the egg deposition in the host tissues, the development of severe pathologic lesions could be efficiently prevented. We therefore developed an indirect enzyme-linked immunosorbent assay based on the detection of specific IgG against schistosomula antigens (ELISA-SmTeg. The assay was applied in sera samples from non-infected and infected mice collected seven and 15 days post-infection. The results were compared to the number of adult worms obtained by perfusion of the murine hepatic system 50 days post-infection. The sensitivity and specificity of the ELISA-SmTeg were 100% (p = 0.0032 and 0.0048 respectively for seven and 15 days of infection with a cutoff value of 0.15 (p = 0.0002. Our findings show a novel low-cost serological assay using antigens which are easy to obtain, which was able to detect all the infected mice as early as seven days post-infection.A detecção da infecção pelo helminto Schistosoma mansoni quando realizada nas fases iniciais, especialmente antes da oviposição nos tecidos do hospedeiro, pode impedir de forma eficiente o desenvolvimento de graves lesões patológicas. Baseado nisto, foi desenvolvido um ensaio imunoenzimático indireto para detecção de anticorpos IgG específicos contra antígenos de esquistossômulos (ELISA-SmTeg. Este ensaio foi aplicado em amostras sorológicas de camundongos não infectados, da mesma forma que de camundongos recentemente infectados, após sete e 15 dias de infecção. Os resultados foram comparados com o número de vermes adultos obtidos por perfusão do sistema hepático murino 50 dias pós-infecção. A sensibilidade e a especificidade do novo método, denominado ELISA-SmTeg, foram de 100% (p = 0,0032, 0,0048, respectivamente, durante sete e 15 dias de infecção com um valor de corte de 0,15 (p = 0,0002. Nossos resultados mostraram que um ensaio de baixo custo, que utiliza antígenos de f

  16. Topical antiinflammatory activity and chemical composition of the epicuticular wax from the leaves of Eugenia beaurepaireana (Myrtaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Michele Debiasi Alberton Magina

    2009-03-01

    Full Text Available In order to verify the topical antiinflammatory effect of epicuticular wax from leaves of Eugenia beaurepaireana, it was tested in mice croton oil-induced inflammation. Our findings show that topical application of Eugenia beaurepaireana epicuticular wax was significantly active in inhibiting both oedema (Inhibitory dose 50 % (ID50 = 0.31 (0.26 - 0.39 mg.ear -1, inhibition = 79 ± 6 % and tissue myeloperoxidase activity (indicative of polymorphonuclear leukocytes influx (ID50 =0.34 (0.20 - 0.41 mg.ear -1, inhibition = 77 ± 4 % in mice ear treated with croton oil. Two main compounds were detected on epicuticular wax of E. beaurepaireana. These compounds were identified as α- and β-amyrin by flame ionization detection (GC-FID and spectroscopic methods (IR, NMR ¹H and 13C. In conclusion, the results indicate a topical antiinflammatory activity for the Eugenia specie studied and, that, at least in part, α- and β-amyrin are responsible for this activity.A atividade antiinflamatória tópica da cera epicuticular das folhas de Eugenia beaurepaireana foi avaliada pelo modelo do edema de orelha induzido pelo óleo de cróton em camundongos. Os resultados do estudo mostram que a aplicação tópica da cera epicuticular de Eugenia beaurepaireana inibiu significativamente a formação do edema (Dose inibitória 50 % (DI50 = 0,31 (0,26 - 0,39 mg.orelha-1, inibição = 79 ± 6 % e a atividade da mieloperoxidase tissular (indicativo do influxo de leucócitos polimorfonucleares (DI50 =0,34 (0,20 - 0,41 mg.orelha-1, inibição = 77 ± 4 % em camundongos tratados com o óleo de cróton. Dois compostos majoritários foram detectados e isolados da cera epicuticular de E. beaurepaireana. Estes compostos foram identificados como os triterpenos α-amirina e β-amirina, através de técnicas cromatográficas (CG-FID e espectroscópicas (IV, RMN ¹H e 13C. Em conclusão, os resultados indicam que a espécie E. beaurepaireana apresenta um efeito antiinflamatório t

  17. Anti-inflammatory and analgesic activities of red seaweed Dichotomaria obtusata

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Iris Frías Vázquez

    2011-03-01

    Full Text Available The aim of the present work was to investigate the anti-inflammatory and analgesic effects of red seaweed Dichotomaria obtusata, using classic tests in mice (ear edema induced by TPA and writhing induced by acetic acid. The qualitative chemical composition of the aqueous extract (lactones, phenols, triterpenes, steroids and reduced carbohydrates obtained from this alga was also determined. The results showed that Dichotomaria obtusata (12.5, 25 and 50 mg/kg, ip inhibited mouse ear edema in a dose-dependent manner. In the writhing test, aqueous extract (12.5, 25, 50 and 100 mg/kg, ip and 100, 200, 400, 800 mg/kg, po significantly reduced abdominal writhes. In conclusion, this study demonstrated the anti-inflammatory and antinociceptive activities of aqueous extract of D. Obtusata in experimental models. These results suggest that D. obtusata aqueous extract possesses therapeutic potential in the treatment of peripheral painful or/and inflammatory conditions.O objetivo do presente trabalho é centrado nos efeitos antiinflamatórios e analgésicos da alga vermelha Dichotomaria obtusata por meio de clássicos testes em camundongos (edema de orelha induzido por TPA e contorção induzida por ácido acético. Também foi determinada a composição química qualitativa do extrato (lactonas, fenóis, triterpenos, esteróides e carboidratos reduzidos. Os resultados mostraram que de Dichotomaria obtusata (12,5, 25 e 50 mg/kg, ip inibiu o edema de orelha do camundongo de forma dose-dependente. No teste de contorção, extrato aquoso (12,5, 25, 50 e 100 mg/kg, ip e 100, 200, 400, 800 mg/kg, po reduziu o contorções abdominais de forma significativa. Em conclusão, o estudo demonstrou a atividades antiinflamatória e antinociceptiva do extrato aquoso em modelos experimentais. Estes resultados sugerem que o extrato aquoso D.obtusata possuem potencial terapêutico no tratamento de dor periférica e/ou de doenças inflamatórias.

  18. Ação do radium sôbre o vírus da Coriomeningite linfocitária benigna Radium effect upon the lymphocytic choriomeningitis virus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J. Guilherme Lacorte

    1968-01-01

    Full Text Available O presente trabalho faz parte de uma seqüência iniciada em 1953 com a verificação do efeito dos raios X sôbre o vírus da gripe em que observamos que os mesmos, em doses fracas, tem aumentado o seu poder patogênico para camundongos. Posteriormente, verificamos a ação do radium sôbre o vírus da gripe e da poliomielite. Neste último caso, o vírus irradiado mostrou-se ativo durante maior número de dias. Nas pesquisas aqui referidas, submetemos o vírus da coriomeningite linfocitária benigna a ação do radium, usando quatro agulhas de 1 mg desse elemento em dispositivo que idealizamos para êste fim. Depois de irradiada, foi a suspensão de vírus diluida a 10*-1, 10*-2 e 10*-3 para as inoculações em camundongos, juntamente com as diluições testemunhas. Observamos que o vírus resistiu pelo menos 264 dias, à temperatura de 4ºC. Quanto às alterações do poder patogênico provocadas pelo radium verificamos que o mesmo não se altera após 24 horas de irradiação. Diminue após 8 dias para aumentar, de modo seguro, após 20 e 33 dias. Iguala-se ao testemunha depois de 78 dias.In the present paper the authors refered the experiments made with the lymphocytic chriomeningitis virus. We strain, after exposition to 4 tubes of 1 mg of radium. The virus suspension was put into the Carrel flask in a layer of 0,1 cm. The titrations of the irradiated virus suspension were made after 24 hours, 8, 20, 33, 78, 85, 120, 264, 292, 387 and 535 days. the virus was still active after 264 days, not after 292 days. The virus irradiated during 24 hours presented the same pathogenicity form mice than the control but after 8 days it was lesser and after 20 and 33 days it was enchanced (Graphic 10. After 78 days the pathogenic power was the same for the irradiated virus and the control.

  19. Arbovírus Ilheus em aves silvestres (Sporophila caerulescens e Molothrus bonariensis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pereira Luiz Eloy

    2001-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Relatar o isolamento do vírus Ilheus no Estado de São Paulo e avaliar o seu impacto para a saúde pública. MÉTODOS: O isolamento de vírus foi realizado em camundongos albinos Swiss, a partir de sangue de aves silvestres, capturadas com redes de espera tipo mist net, armadas no nível do solo, no Parque Ecológico do Tietê, São Paulo. A identificação das cepas isoladas foi feita pelos testes de inibição da hemaglutinação, fixação de complemento e neutralização em camundongos. Amostras de plasma de aves e de mamíferos silvestres foram submetidas à pesquisa sorológica para detecção de anticorpos inibidores de hemaglutinação. RESULTADOS: Foram isoladas duas cepas do vírus Ilheus em sangue de aves das espécies Sporophila caerulescens e Molothrus bonariensis e detectados anticorpos em aves das espécies Columbina talpacoti, Geopelia cuneata, Molothrus bonariensis e Sicalis flaveola, em sagüis das espécies Callithrix jacchus e Callithrix penicillata e no quati Nasua nasua. CONCLUSÕES: O isolamento do vírus Ilheus e a detecção de anticorpos específicos em aves residentes, migratórias e de cativeiro, em sagüis e quatis, comprovam a presença desse agente no Parque Ecológico do Tietê. O comportamento migratório de aves silvestres pode determinar a introdução do vírus em outras regiões. Considerando-se a patogenicidade para o homem e a confirmação da circulação desse agente viral em área urbana, freqüentada para atividade de lazer e de educação, o risco de ocorrência de infecção na população humana não pode ser descartado.

  20. Action of the extracts of Pluchea sagittalis on the absorptive characteristics of the gastrointestinal tract

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marilise E. Burger

    2000-01-01

    Full Text Available Pluchea sagittalis (Lam. Cabrera, (quitoco or erva lucera is commonly used to treat digestive disorders in Southern Brazil and countries of the South Cone. The crude aqueous extracts from the leaves, stalks or flowers were used in acute oral toxicity in mice and in pharmacological studies to determine the gastrointestinal transport of water, sodium, and potassium in rats. The oral administration of 5000 mg/kg of extracts examined did not produce signs of intoxication nor induce the death of any mice during the period of 14 days. The extracts from the leaves and stalk have reduced the absorption of water in the jejunum and jejunum and ileum, respectively with relation to the control. There was an absorption of sodium with the administration of these extracts, especially those from the flowers, when compared with that of the control. There was an increase in the absorption of potassium in different parts of the gastrointestinal tract in comparison to that of the control, being increased in most parts with the application of extracts from the stalks. It could be concluded that the extracts from the stalk, leaves and flowers of P. sagittalis have substances that alter the absorptive characteristics of several portions of the gastrointestinal mucosa.Pluchea sagittalis (Lam. Cabrera, (quitoco ou erva lucera é usada popularmente no sul do Brasil e países do Cone Sul. Os extratos aquosos brutos das folhas, caule e flores foram utilizados em experimentos de toxidade aguda oral em camundongos e em estudos farmacológicos para determinar o transporte gastrointestinal de água, sódio e potássio em ratos. A administração oral de 500 mg/kg não desenvolveu sinal de intoxicação nem induziu a morte de camundongos durante o período de 14 dias. Os extratos das folhas e caule reduziram a absorção de água no jejuno e jejuno íleo, respectivamente em relação ao controle. Houve absorção de sódio com a administração destes extratos, principalmente

  1. Betametasona e extrato aquoso de Arctium lappa no tratamento da angiostrongilíase Betamethasone and aqueous extract of Arctium lappa for treating angiostrongyliasis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camila Argenta Fante

    2008-12-01

    Full Text Available Angiostrongylus costaricensis é um parasita que causa angiostrongilíase abdominal em humanos, seu tratamento inclui o uso de antiinflamatórios apesar da falta de estudos que justifiquem esta conduta. O objetivo deste artigo é avaliar o efeito da betametasona e da Arctium lappa na evolução de lesões intestinais induzidas pelo parasita. Utilizou-se camundongos Swiss, machos, adultos, distribuídos em 4 grupos: infectados tratados com betametasona; com Arctium lappa; não tratados e grupo controle. Os tratamentos iniciaram no 15º dia de infecção e permaneceram por 15 dias. Infiltrado eosinofílico e granuloma foram avaliados (1-leve; 2-moderado; 3-severo. A betametasona permitiu a evolução das lesões para formas mais graves, enquanto o extrato não interferiu na progressão da patologia. As substâncias empregadas não mostraram eficácia na proteção das lesões induzidas pelo Angiostrongylus costaricensis em camundongos. Estes achados desmotivam o uso de betametasona e Arctium lappa em humanos acometidos por angiostrongilíase abdominal.Angiostrongylus costaricensis is a parasite that causes abdominal angiostrongyliasis in humans. The treatment for it includes the use of anti-inflammatory drugs, despite the lack of studies to justify this approach. The objective of this paper was to evaluate the effect of betamethasone and Arctium lappa on the evolution of intestinal lesions induced by this parasite. Adult male Swiss mice were used, distributed into four groups: infected and treated with betamethasone; infected and treated with Arctium lappa; infected and not treated; and control group. The treatments were started on the 15th day after infection and continued for 15 days. The presence of eosinophilic infiltration and granuloma was evaluated (1-mild; 2-moderate; 3-severe. Betamethasone allowed the lesions to evolve into more severe forms, while the extract did not interfere with disease progression. The substances applied were

  2. Potential of Pandanus odoratissimus as a CNS depressant in Swiss albino mice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sama Raju

    2011-09-01

    Full Text Available In this study, several neuropharmacological effects of methanolic leaf extract of Pandanus odoratissimus (PO (family; Pandanaceae were studied in albino mice using various experimental models. The effect of PO on the CNS was studied by using different neuropharmacological paradigms including spontaneous motor activity, rota-rod performance and potentiation of Pentobarbital sodium sleeping time in albino mice. Preliminary phytochemical evaluation and acute toxicity studies were also carried out where LD50 >2000 mg/kg was considered non-toxic through acute exposure in rats by the oral route. The methanolic leaf extract (50,100 and 200 mg/kg i. p. produced a reduction in spontaneous motor activity, motor coordination and prolonged Pentobarbital sodium sleeping time. Preliminary qualitative chemical studies indicated the presence of steroids, saponins, terpinoids, glycosides, tannins, flavonoids and phenolics in the extract. These observations suggest that the leaf of Pandanus odoratissimus contains some active principles which possess potential CNS-depressant actionEstudaram-se alguns efeitos neurofarmacológicos do extrato metanólico de Pandanus odoratissimus (PO (família Pandanaceae em camundongos albinos, usando vários modelos experimentais. O efeito do PO no SNC foi estudado por meio de diferentes paradigmas neurofarmacológicos, como atividade motora espontânea, desempenho na haste rotatória e a potenciação do tempo de sono em camundongos albinos pelo pentobarbital sódico. A avaliação fitoquímica preliminar e os estudos de toxicidade aguda foram realizados e a DL50 >2000 mg/kg é considerada não tóxica, por meio da exposição aguda, por via oral, em ratos. O extrato metanólico de folha (50,100 e 200 mg/kg i. p. produziu redução da atividade motora espontânea, da coordenação motora e tempo prolongado de sono pelo pentobarbital sódico. Estudos químicos qualitativos preliminares indicaram a presença de esteróide, saponinas

  3. Effects of levamisole on experimental infections by Plasmodium berghei in mice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Enrique Melendez C.

    1987-12-01

    Full Text Available Levamisole (phenylimidothiazol, considered a strong immunostimulant, when administered to healthy Swiss mice did not cause a significant increase in -the weight of their thymus, liver and spleen, even though the drug was used at different times before removing such organs. High doses ofdrug used in the 4-day prophylactic scheme had no antimalarial effect. However, when given to malaria infected mice 24 hours before, at the same time, and 24 hours after the inoculation of a chloroquine-sensitive or a chloroquine-resistant strain of Plasmodium berghei small doses of the drug induced a somewhat decreased parasitemia, the dose of 1 mg/kg body weight before the inoculum being the best scheme. The mortality rates by malaria in the levamisole treated groups were also delayed although all mice finally died. The data suggest that levamisole may display a stimulant effect on the depressed immune response caused by malaria.Levamisol (fenilimidotiazol, considerado urn potente imunoestimulante, quando administrado a camundongos suíços não causou aumento significante nos pesos do timo, figado ou baço, apesar de a droga ter sido usada em diferentes tempos antes da remoção desses órgãos. Doses elevadas da droga usadas no esquema profilático de 4 dias não tiveram efeito antimalárico. Entretanto quando dada a camundongos com malária, 24 horas antes, ao mesmo tempo ou 24 horas após inoculação de uma cepa de Plasmodium berghei cloroquina-sensível ou uma cepa cloroquina- resistente o levamisol reduziu, ainda que discretamente, a parasitemia nos grupos tratados, sendo a dose de 1 mg/kg o melhor esquema. Foi observado também atraso na mortalidade por malária nos grupos tratados com o levamisol. No entanto, todos os animais morreram. Os dados sugerem que o levamisol tem efeito imunoestimulante, ainda que discreto, na resposta imune de animais, deprimida pela malária.

  4. Contribuição para o estudo dos mecanismos de transmissão do agente etiológico da doença de Chagas A contribution to the study of the mechanisms of transmission of the etiological agent of "Chagas" disease

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosa Domingues Ribeiro

    1987-02-01

    Full Text Available Foram capturados no Município de Ribeirão Preto, SP, Brasil, exemplares de gambá, Didelphis albiventris. Na medida em que os exemplares chegavam ao laboratório foram submetidos a exames de sangue a fresco, hemoculturas e xenodiagnósticos, com o propósito de descartar a hipótese de infecção natural. Em cativeiro os animais passaram a ter, como parte de sua alimentação, camundongos parasitados pela cepa Bolívia do Tripanosoma cruzi ou exemplares de triatomíneos comprovadamente infectados pela mesma cepa do parasita. Vinte e cinco dias após a última refeição, foram realizados xenodiagnósticos nos animais em experimentação, cujo índice de infecção nos animais que ingeriram camundongos infectados foi de 60,0% e naqueles que ingeriram triatomíneos foi de 83,3%. Os resultados revelaram que os gambás apresentaram altos índices de infecção, mostrando a importância da via oral como porta de entrada do T. cruzi, bem como a importância do D. albiventris como reservatório do parasita nos focos naturais de infecção e elo de ligação entre o ambiente silvestre e o domicílio.The infection of several opossums Didelphis albiventris, male, female and young, by oral means by feeding them either on infected triatomines or on mice experimentally infected by Tripanosoma cruzi, is studied. After feeding uncontaminated opossums on carcasses or living specimens of baby mice, infected with the Bolivian strain of T.cruzi, a 60.0% infection index was obtained on xenodiagnoses. On the other hand, after feeding uncontaminated opossums on infected triatomines, an 83.3% index was obtained on xenodiagnoses. These results indicate that the feeding on infected mammals, as well as the ingestion of infected triatomines by omnivorous animals gives high infection indices and demonstrates the importance of the oral route as the means of access of T. cruzi. The also show the importance of opossums as reservoirs of the parasite in the natural focci of

  5. Cardiac beta-receptors in experimental Chagas' disease Receptores beta cardíacos na doença de Chagas experimental

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Julio E. Enders

    1995-02-01

    Full Text Available Experimental Chagas' disease (45 to 90 days post-infection showed serious cardiac alterations in the contractility and in the pharmacological response to beta adrenergic receptors in normal and T. cruzi infected mice (post-acute phase. Chagasic infection did not change the beta receptors density (78.591 ± 3.125 fmol/mg protein and 73.647 ± 2.194 fmol/mg protein for controls but their affinity was significantly diminished (Kd = 7.299 ± 0.426 nM and Kd = 3.759 ± 0.212 nM for the control p Estudaram-se os receptores beta cardíacos de camundongos infectados pelo Trypanosoma cruzi na fase pós-aguda da doença de Chagas para estabelecer em que medida os mesmos contribuem a gerar respostas anômalas às catecolaminas observadas nestes miocardios. Utilizara-se 3-H/DHA para a marcação dos receptores beta cardíacos dos camundongos normais e dos infectados na fase pós-aguda (45 a 90 dias pós-infecção. O número dos sítios de fixação foi similar nos dois grupos, 78.591 ± 3.125 fmol/mg. Proteína nos chagásicos e 73.647 ± 2.194 fmol/mg. Proteína no grupo controle. Em vez disso, a afinidade verificou-se significativamente diminuida no grupo chagásico (Kd = 7.299 ± 0.426 nM respeito do controle (Kd = 3.759 ± 0.212 nM p < 0.001. Os resultados obtidos demonstram que as modificações observadas na estimulação adrenérgica do miocárdio chagásico se correlacionam com a menor afinidade dos receptores beta cardíacos e que estas alterações exerceriam uma parte determinante para as consequências funcionais que são detectadas na fase crônica.

  6. Evaluation of Eucalyptus citriodora essential oil on goat gastrointestinal nematodes Avaliação do óleo essencial de Eucalyptus citriodora sobre nematóides gastrintestinais de caprinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Iara Tersia Freitas Macedo

    2011-09-01

    Full Text Available Phytotherapy may be an alternative strategy for controlling gastrointestinal parasites. This study evaluated the anthelmintic efficacy of Eucalyptus citriodora essential oil (EcEO. The in vitro effects of EcEO were determined through testing the inhibition of egg hatching and larval development of Haemonchus contortus. EcEO was subjected to acute toxicity testing on mice, orally and intraperitoneally. The in vivo effects of EcEO were determined by the fecal egg count reduction test (FECRT in goats infected with gastrointestinal nematodes. The results showed that 5.3 mg.mL-1 EcEO inhibited egg hatching by 98.8% and 10.6 mg.mL-1 EcEO inhibited H. contortus larval development by 99.71%. The lethal doses for 50% of the mice were 4153 and 622.8 mg.kg-1, for acute toxicity orally and intraperitoneally. In the FECRT, the efficacy of EcEO and ivermectin was 66.25 and 79.16% respectively, on goat gastrointestinal nematodes eight days after treatment. EcEO showed in vitro and in vivo anthelmintic activity.Fitoterapia pode ser uma estratégia alternativa para o controle de parasitas gastrintestinais. Este estudo avaliou a eficácia anti-helmintica do óleo essencial de Eucalyptus citriodora (OeEc. Os efeitos in vitro do OeEc foram determinados através do teste de eclosão de ovos e inibição do desenvolvimento larvar de Haemonchus contortus. O OeEc foi submetido ao teste de toxicidade aguda oral e intraperitoneal, em camundongos. Os efeitos in vivo do OeEc foram avaliados através do teste de redução da contagem de ovos nas fezes (FECRT com caprinos infectados com nematóides gastrintestinais. Os resultados mostraram que 5,3 mg.mL-1 OeEc inibiram 98,8% a eclosão de ovos e 10,6 mg.mL-1 OeEc inibiram 99,71% o desenvolvimento larvar de H. contortus. As doses letais para 50% dos camundongos foram de 4153 e 622,8 mg.kg-1 pela via oral e intraperitoneal. No FECRT, a eficácia de OeEc e ivermectina foi de 66,25 e 79,16%, respectivamente, em caprinos 8 dias

  7. Biochemical behavior of Trypanosoma cruzi strains isolated from mice submitted to specific chemotherapy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jesila Pinto M. Marretto

    1994-12-01

    Full Text Available To investigate the influence of chemotherapy on the biochemical beha vior of Trypanosoma cruzi strains, three groups of mice were infected with one of three strains of T. cruzi of different biological and isoenzymic patterns (Peruvian, 21 SF and Colombian strains. Each group was subdivided into subgroups: 1 - treated with nifurtimox; 2 - treated with benznidazole and 3 - untreated infected controls. At the end of treatment, that lasted for 90 days, xenodiagnosis, sub inoculation of blood into new born mice and haemoculture were performed as tests of cure. From the positive tests, 22 samples of T. cruzi were isolated from all subgroups. Electrophoretic analysis of the isoenzymes PGM, GP1, ALAT and AS AT failed to show any difference between parasite strains isolated from treated and untreated mice, which indicates that no detectable clonal selection or parasite genetic markers alterations concerning the isoenzymes analysed have been determined by treatment with drugs of recognized antiparasitic effect, suggesting stability of the phenotypic characteristics of the three biological types of T. cruzi strains.Com o objetivo de investigar a influência da quimioterapia no padrão bioquímico de diferentes cepas do Trypanosoma cruzi, três grupos de camundongos foram infectados respectivamente com as cepas Peruana, 21 SF e Colombiana, que correspondem a diferentes padrões biológicos e isoenzimáticos. Cada grupo foi subdividido em subgrupos: 1 - tratados com nifurtimox; 2 - tratados com benzonidazol; 3- controles infectados não tratados. Ao final do tratamento que durou 90 dias, os animais foram submetidos a testes parasitológicos de cura: xenodiagnóstico, subinoculação do sangue em camundongos recém-nascidos e hemocultura em meio Warren. A partir da positivação destes testes, foram isoladas 22 amostras do T. cruzi dos três subgrupos. A análise eletroforética dos extratos enzimáticos obtidos após cultura para as enzimas PGM, GPI, ALAT e

  8. EFFECT OF CHRONIC INGESTION OF WINE ON THE GLYCEMIC, LIPID AND BODY WEIGHT HOMEOSTASIS IN MICE.

    Science.gov (United States)

    Brito-Filho, Sebastião Barreto de; Moura, Egberto Gaspar de; Santos, Orlando José Dos; Sauaia-Filho, Euler Nicolau; Amorim, Elias; Santana, Ewaldo Eder Carvalho; Barros-Filho, Allan Kardec Dualibe; Santos, Rennan Abud Pinheiro

    2016-01-01

    The health benefits associated with moderate wine consumption, as with ethanol and phenolic compounds, include different mechanisms still little understandable. Evaluate glycemic and weight variations, and the deposit of triglycerides, cholesterol and liver glycogen with red wine consumption. 60 ApoE knockout mice were divided into three groups of 20: Wine Group (WG), Ethanol Group (EG) and Water Group (WAG). They received daily: WG 50 ml of wine and 50 ml water; EG 6 ml ethanol and WAG 94 ml of water. All groups were followed for four months. The food intake was monitored daily, in the period from eight to ten hours and held every five days. The measurement of water intake was also made every five days. The weighing of the animals took place every ten days. The WG had higher weight increase as compared to the other groups. The concentration of hepatic triglyceride was higher in WG (57%) and the EG group was lower (31.6%, pcolesterol e glicogênio hepático com o uso de vinho tinto. Sessenta camundongos ApoE knockout foram divididos em três grupos de 20: Grupo do Vinho (WG), grupo do Etanol (EG) Grupo Água (WAG). Cada grupo recebeu diariamente: WG 50 ml de vinho e 50 ml de água; EG 6 ml de etanol e WAG 94 ml de água. O WG teve aumento de peso mais elevado em comparação com os outros grupos. A concentração de triglicerídeos foi maior no WG (57%) e no grupo EG inferior (31,6%) do que no controle (p colesterol foi inferior no WG (23,6%) e no EG (24,5%, pcolesterol diminuiu no WAG. Os triglicerídeos podem ter aumentado devido ao alto valor calórico do vinho ou alguma propriedade desconhecida que levou ao aumento significativo da gordura subcutânea e retroperitoneal nos camundongos.

  9. Enantioselective metabolism of hydroxychloroquine employing rats and mice hepatic microsomes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carmem Dickow Cardoso

    2009-12-01

    Full Text Available Hydroxychloroquine (HCQ is an important chiral drug used, mainly, in the treatment of rheumatoid arthritis, systemic lupus erythematosus and malaria, and whose pharmacokinetic and pharmacodynamic properties look to be stereoselective. Respecting the pharmacokinetic properties, some previous studies indicate that the stereoselectivity could express itself in the processes of metabolism, distribution and excretion and that the stereoselective metabolism looks to be a function of the studied species. So, the in vitro metabolism of HCQ was investigated using hepatic microsomes of rats and mice. The microsomal fraction of livers of Wistar rats and Balb-C mice was separated by ultracentrifugation and 500 μL were incubated for 180 minutes with 10 μL of racemic HCQ 1000 μg mL-1. Two stereospecific analytical methods, high performance liquid chromatography (HPLC and capillary electrophoresis (CE, were used to separate and quantify the formed metabolites. It was verified that the main formed metabolite is the (--(R-desethyl hydroxychloroquine for both animal species.A hidroxicloroquina (HCQ é um importante fármaco quiral usado, principalmente, no tratamento de artrite reumatóide, lupus eritematoso sistêmico e malária e cujas propriedades farmacocinéticas e farmacodinâmicas parecem ser estereosseletivas. Em relação às propriedades farmacocinéticas, alguns estudos prévios indicam que a estereosseletividade pode se expressar nos processos de metabolismo, distribuição e excreção e que o metabolismo estereosseletivo parece ser função da espécie estudada. Sendo assim, o metabolismo in vitro da HCQ foi investigado usando microssomas de fígado de ratos e de camundongos. A fração microssômica de fígados de ratos Wistar e de camundongos Balb-C foi isolada por ultracentrifugação e 500 μL foram incubados por 180 minutos com 10 μL de HCQ racêmica 1000 μg mL-1. Dois métodos analíticos estereoespecíficos, por cromatografia líquida de

  10. Efeito do tratamento com algumas vitaminas B na potencialização do efeito antiinflamatório e antinociceptivo do diclofenaco e da talidomida

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L. A. Rodrigues

    2009-01-01

    Full Text Available

    Mostrou-se que o pré-tratamento com as vitaminas tiamina[B1], piridoxina[B6] e cianocobalamina [B12], isoladas ou administradas conjuntamente, não inibiu o edema de pata produzido pela carragenina em ratos, nem as contorções abdominais produzidas pelo ácido acético em camundongos. Por outro lado, o diclofenaco [25 ou 50mg/kg] ou talidomida [45mg/kg] inibiram o edema de pata em ratos, e a associação das três vitaminas à estas drogas, mas não as vitaminas administradas isoladamente, potencializou os efeitos do diclofenaco [25 ou 50mg/kg] no tempo de quatro horas e a talidomida [45mg/kg], nos tempos de duas, três e quatro horas após a carragenina. As contorções abdominais em camundongos foram inibidas pelas doses de 25 ou 50mg/ kg de diclofenaco. A associação das três vitaminas ou apenas da cianocobalamina, potencializou as duas doses do diclofenaco utilizadas. As contorções abdominais foram inibidas também pela talidomida [45mg/kg] e a associação das três vitaminas, ou cada uma das vitaminas administradas isoladamente, foram capazes de potencializar os efeitos da talidomida. É provável que a diferença no mecanismo de ação destas drogas seja responsável por esta diferença dos efeitos das vitaminas. O presente estudo preconiza o uso de antiinflamatórios, combinados com as vitaminas tiamina[B1], piridoxina[B6] e cianocobalamina [B12], em doenças crônicas, diminuindo assim a dose destas drogas e seus efeitos colaterais. Palavras-chave: Diclofenaco; talidomida; contorção abdominal; piridoxina; cianocobalamina; tiamina.

  11. Atividade antiparasitária do artemether na esquistossomose mansônica experimental Antischistosomal activity of artemether in experimental Schistosomiasis mansoni

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Susana Zevallos Lescano

    2004-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o efeito da administração intramuscular de artemether a camundongos infectados experimentalmente por Schistosoma mansoni no momento da infecção, durante a maturação dos esquistossômulos e após iniciada a oviposição. MÉTODOS: Oitenta camundongos Balb/c, fêmeas adultas, foram divididos em oito grupos com 10 animais cada. Sete grupos foram infectados por S. mansoni empregando-se 60 cercárias para cada animal, inoculadas por via subcutânea; o grupo restante foi mantido sem infecção. Entre os sete grupos infectados, seis foram tratados com artemether, segundo o seguinte esquema: três grupos receberam dose correspondente a 100 mg/kg no dia 0, 20 ou 60 após inoculação das cercárias; os demais receberam 50 mg/kg de artemether, no mesmo período que os lotes anteriores. Da 9ª, 10ª e 11ª semanas após infecção os camundongos infectados por S. mansoni foram submetidos a exames de fezes pela técnica de Kato-Katz. No 80º dia do experimento, os animais sobreviventes foram sacrificados e submetidos à perfusão do sistema porta para recuperação de vermes. Determinaram-se, nessa ocasião, os pesos corporal, hepático e esplênico de cada animal. RESULTADOS: Observou-se queda na oviposição e no número de vermes recuperados entre os camundongos tratados com artemether (50 ou 100 mg/kg no 20º dia após infecção. A diminuição do número de vermes foi mais expressiva no caso de fêmeas de S. mansoni. Verificou-se, ainda, diminuição significativa nos pesos hepático e esplênico entre os animais tratados com 50 e 100 mg/kg de artemether no 20º dia e também entre os que receberam a droga na dose de 50 mg/kg 60 dias após infecção. CONCLUSÕES: Ficou evidenciada a atividade anti-Schistosoma do artemether, mesmo ao se empregar dose correspondente a 50 mg/kg, quando a droga foi administrada durante o período de maturação dos esquistossômulos no sistema porta do hospedeiro vertebrado.OBJECTIVE: To evaluate

  12. Ensaio laboratorial e clínico com Hycanthone, nôvo agente esquistossomicida

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Naftale Katz

    1967-08-01

    Full Text Available A partir do Miracil D, um derivado hidroximetílico (Hycanthone pode ser obtido através da atividade biológica do Aspergillus sclerotiorum. Êste derivado mostrou-se muito ativo quando administrado a camundongos, hamsters e macacos Cebus experimentalmente infectados com Schistosoma mansoni. Ensaios clínicos com o Hycanthone foram feitos em 52 pacientes com esquistossomose mansoni ativa. A droga foi administrada, nas doses de 2 e 3 mg/kg/ dia, junto com um anti-ácido, duas vêzes ao dia, durante 5 dias consecutivos. Com exceção de 2 casos, todos os pacientes completaram o tratamento. Náusea e/ou vômito, anorexia, tonturas e cefaléia foram os efeitos colaterais mais comuns. Atividade terapêutica foi avaliada através de repetidos exames de fezes (4 a 6 e uma biópsia retal realizada a partir do 4.° mês após o tratamento. As percentagens de cura foram de 83,3 e 80,0% com o esquema de 2 e 3 mg/kg, respectivamente. Os dados laboratoriais e clínicos sôbre a atividade esquistossomicida do Hycanthone até agora obtidos mostram a necessidade de novos ensaios com êste promissor medicamento.

  13. Isolamento do vírus rábico em morcego insetívoro, Nyctinomops macrotis, no Município de Diadema, SP (Brasil Isolation of rabies virus in an insectivorous bat Nyctinomops macrotis, in Southeastern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Estevão C. Passos

    1998-02-01

    Full Text Available Foi realizado o isolamento do vírus rábico em morcego insetívoro Nyctinomops macrotis capturado próximo à represa Billings e à mata Atlântica, no Município de Diadema, SP (Brasil. A pesquisa do antígeno rábico no tecido cerebral do morcego apresentou resultado positivo na reação de imunofluorescência direta. O isolamento do vírus rábico no tecido cerebral e nas glândulas salivares do morcego foi obtido através da inoculação intracerebral em camundongos. O Município de Diadema não apresentava casos de raiva animal desde 1982, sendo este o primeiro relato da presença do vírus rábico em morcego insetívoro.The rabies virus was isolated from an insectivorous bat, Nyctinomops macrotis, trapped in Diadema, SP, Brazil, in a public building near a water supply reservoir. Fluorescent antibodies against rabies virus were detected in cerebral tissue and the viral isolation was made after the inoculation of cerebral tissue and salivary gland suspension in mice. There have been no recorded cases of animal rabies in Diadema since 1982, and this is the first isolation of the rabies virus in an insectivorous bat in the city.

  14. Experimental life cycle of Lagochilascaris minor Leiper, 1909 Ciclo evolutivo experimental de Lagochilascaris minor, Leiper 1909

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dulcinéa Maria Barbosa Campos

    1992-08-01

    Full Text Available The life cycle of Lagochilascaris minor was studied using material collected from human lesion and applying the experimental model: rodents (mice, hamsters, and carnivorae (cats, dogs. In mice given infective eggs, orally, hatch of the third stage larvae was noted in the gut wall, with migration to liver, lungs, skeletal musculature and subcutaneous tissue becoming, soon after, encysted. In cats infected with skinned carcasses of mice (60 to 235 days of infection it was observed: hatch of third stage larvae from the nodules (cysts in the stomach, migration through the oesophagus, pharynx, trachea, related tissues (rhino-oropharynx, and cervical lymphonodes developing to the mature stage in any of these sites on days 9-20 post inoculation (P.I.. There was no parasite development up to the mature stage in cats inoculated orally with infective eggs, which indicates that the life cycle of this parasite includes an obligatory intermediate host. In one of the cats (fed carcass of infected mice necropsied on day 43 P.I., it was observed the occurence of the self-infective cycle of L. minor in the lung tissues and in the cervical region which was characterized by the finding of eggs in different stages of development, third stage larvae and mature worms. It's believed that some component of the carnivorae gastrointestinal tracts may preclude the development of third stage larvae from L. minor eggs what explains the interruption of the life cycle in animals fed infective eggs. It's also pointed out the role of the intermediate host in the first stages of the life cycle of this helminth.A partir de material colhido de lesões humanas estudou-se o ciclo evolutivo de Lagochilascaris minor empregando-se o modelo experimental: roedores (camundongos, hamster e carnívoros (gatos, cão. Em camundongos inoculados com ovos infectantes, por via oral, observou-se eclosão de larvas de 3º estágio na parede do intestino, migração das mesmas para o fígado, pulm

  15. Esquistossomose mansônica: II - evolução dos níveis de proteínas séricas e do perfil eletroforético por técnicas de imunoeletroforese quantitativa Schistosomiasis mansoni: II - evolution of the levels of serum proteins and of their electrophoretic pattern as traced by quantitative immunoelectrophoresis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ajax Mercês Atta

    1981-04-01

    Full Text Available Camundongos Swiss foram infectados com 100 cercárias da linhagem mineira (BH do Schistosoma mansoni e sacrificados semanalmente no período de 8 semanas de infecção. Os níveis de proteínas séricas totais destes animais não diferiram dos apresentados pelos animais controles. Os níveis de albumina sérica determinados por "Rocket immunoelectrophoresis" acharam-se diminuídos nas 5.ª, 6.ª e 7.ª semanas de infecção. O perfil obtido por imunoeletroforese cruzada revelou alterações em componentes séricos com mobilidade nas regiões de gama, beta e em menor grau de alfa-globulinas, após a oviposição do parasito.Swiss mice were infected with 100 cercariae of the Belo Horizonte strain of Schistosoma mansoni and were sacrificed weekly during eight weeks following of infection. The levels of serum protein totals in these animals did not differ from those presented by the control animals. However, serum albumin levels that were determined by rocket immunoelectrophoresis were lower during the 5th, 6th, and 7th weeks of infection. The pattern determined by crosed immunoelectrophoresis revealed alterations in serum components with mobility in the gamma and beta regions and, to a lesser degree, alpha-globulins, after oviposition by the parasite.

  16. Atividade anti-helmíntica dos flavonóides isolados das raízes de Andira anthelmia (Leguminosae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Virgínia C. da Silva

    Full Text Available As cascas e as raízes de A. anthelmia têm sido utilizadas tradicionalmente como vermífugas. Um estudo biomonitorado do extrato metanólico das raízes de A. anthelmia conduziu ao isolamento das isoflavonas biochanina A e genisteína da fração acetato de etila; biochanina A 7-O-β-D-glicopiranosídeo, biochanina A 7-O-α-L-rhamnopiranosil-(1→6-β-D-glicopiranosídeo e biochanina A 7-O-β-D-apiofuranosil-(1→5-β-D-apiofuranosil-(1→6-β-D-glicopiranosídeo da fração n-butanólica e catequina da fração metanólica. Suas estruturas foram elucidadas com base em dados espectrométricos. A atividade anti-helmíntica foi investigada em camundongos naturalmente infectados por Aspiculuris tetraptera. Os compostos isolados aplicados nos animais por via intragástrica na dose de 2,0 mg.kg-1 durante três dias consecutivos revelaram percentuais significativos na eliminação de A. tetraptera, quando comparados com o lote controle.

  17. Substratos utilizados para a criação de dípteros caliptratos em uma área urbana do Município do Rio de Janeiro Breeding media used for rearing of flies in an urban area of the State of Rio de Janeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Mario D'Almeida

    1988-06-01

    Full Text Available Em uma área urbana do município do Rio de Janeiro, foram criados 10.988 dípteros caliptratos, pertencentes a quatro famílias e 22 espécies. As criações foram efetuadas em quatro etapas durante os anos de 1986 a 1987. Foram utilizados como substratos: peixe, fígado, carcaça de camundongo, fezes humanas e caninas, camarão, siri, banana, manga mamaão e tomate. As espécies criadas com maior freqüência foram: Fania sp (subgrupo pusio, Atherigona orientalis, Phaenicia eximia, Paraphrissopoda chrisostoma, Chrisomyia megacephala, Ophyra solitaria, Musca domestica, Synthesiomyia nudiseta, Phaenicia cuprina, Ophyra aenescens, Sarcophagula occidua, Morellia flavicornis, e Sarcodexia innota.In an urban area of Municipality of rio de Janeiro were bred 10,988 calliptrate flies belonging to 4 families and 22 species. Breeding was effectuated in four steps during the years of 1986 and 1987. It were used as larvae substrate; fish, liver, mouse carcas, human and dog faeces, shrimp, crab, banana, mango, papaya and tomato. The species bred with frequency were: Fannia sp 9sub grouppusio, Atherigona orientalis, Phaenicia eximia, Paraphrissopoda chrysostoma, Chrysomyia megacephala, Ophyra solitaria, Musca domestica, Sarcophagula occidua, Morellia flavicornis e Sarcodexia innota.

  18. Novo processo para triagem de medicamentos na infecção experimental pelo Trypanosoma cruzi Proposal of a new process for screening of drugs in experimental infection with Trypanosoma cruzi

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rubens Campos

    1991-08-01

    Full Text Available É proposto processo para a triagem da capacidade terapêutica de medicamentos na infecção experimental pelo Trypanosoma cruzi. O método tem base no emprego de triatomíneos parasitados que se alimentam, decorridos períodos diferentes para haver compatibilização com níveis sangüíneos, em camundongos aos quais foi administrado o fármaco sob apreciação; assim, o tubo digestivo do hemíptero participará como estrutura propícia à avaliação. Em observação inicial, ocorreu utilização do benzonidazol, que se mostrou apenas parcialmente ativo, pelo menos de acordo com a maneira de execução do novo procedimento.We propose a screening process for detection of therapeutic activity of drugs against experimental infection with Trypanosoma cruzi. It is based on the use of infected tryatominae that are fed on mice which have received the study drug. Blood meals are made at different time schedule in order to adapt with serum drug levels. The digestive tube of the hemyptera will, thus, work as a suitable structure for examination. In a initial observation, benzonidazole was used, and was shown to be only partially active at least in the conditions of this new procedure.

  19. Ascite neoplásica: efeito da solução aquosa de fenol, ácido acético e glicerina sobre o tumor ascítico de Ehrlich

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Saad-Hossne Rogério

    2003-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar o efeito da solução composta por fenol, ácido acético e glicerina sobre o tumor ascítico de Ehrlich. MÉTODOS: Utilizou-se 283 camundongos divididos em 2 protocolos (animais portadores e não portadores de tumor procedendo-se a injeção de 0,25 ml, 0,10 ml e 0,05 ml da solução teste e 0,25 ml de solução salina, o sacrifício foi realizado após 3 e 6 dias do tratamento, analisando, a seguir, a contagem diferencial de células presentes no líquido ascítico. RESULTADOS: Observou-se que nos animais portadores de tumor houve uma redução significante do número de células tumorais e aumento do número de células inflamatórias, nos animais sem tumor observou-se influxo de células inflamatórias para a cavidade peritoneal. CONCLUSÃO: A solução proposta causa, in vivo, a diminuição do número de células tumorais e aumento do número de células inflamatórias no líquido ascítico.

  20. Inhibitory effect of cyclophosphamide on the biosynthesis of a perchloro-soluble protein fraction of ehrlich ascites carcinoma cells

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R. Raposo Abreu

    1973-01-01

    Full Text Available The perchloro-soluble mucroptotein fraction was determined in the cells of Ehrlich ascites carcinoma on the 10th and 12th days post-inoculation of the tumor. After 3 days of a single subcutaneous dose of cyclophosphamide (200 mg/kg the mucoprotein levels were found considerable lower. This difference was highly significant statistically.Foi determinada a fração mucoproteica percloro-solúvel nas células do carcinoma ascítico de Ehrlich, no 10º e 12º dias após a inoculação do tumor. Nos camundongos injetados com uma única dose subcutânea de ciclofosfamida (200 mg/kg os níveis desta fração foram encontrados consideravelmente mais baixos. A análise estatística demonstrou que as diferenças observadas entre os animais controles e os tratados com ciclofosfamida foram altamente significativas.

  1. Isolamento do vírus da raiva em Artibeus fimbriatus no Estado de São Paulo Isolation of rabies virus in Artibeus fimbriatus bat in the State of Sao Paulo, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elenice M Sequetin Cunha

    2005-08-01

    Full Text Available Descrevem-se, pela primeira vez, o isolamento e a identificação do vírus da raiva em morcego frugívoro Artibeus fimbriatus no município de São José do Rio Preto, Estado de São Paulo. O vírus foi isolado de exemplar encontrado em área urbana, caído sob uma árvore e ainda vivo. O diagnóstico foi realizado pelas técnicas de imunofluorescência direta e inoculação intracerebral em camundongos.This is the first report of the isolation and identification of the rabies virus in the frugivorous bat Artibeus fimbriatus in the city of Sao José do Rio Preto, Sao Paulo State, Brazil. The virus was isolated from an animal found in an urban area. The animal was found on the ground under a tree, still alive. Diagnosis was made by direct immunofluorescence and intracerebral inoculation of mice.

  2. Botulismo tipo C em ganso ocorrido em Minas Gerais, Brasil Type C botulism in a goose at Minas Gerais, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco Carlos Faria Lobato

    2008-08-01

    Full Text Available Botulismo é uma intoxicação causada pela ingestão das toxinas produzidas pelo Clostridium botulinum, que acomete mamíferos e aves, caracterizando-se por um quadro de paralisia flácida. Neste trabalho, é descrito um caso de botulismo em ganso, ocorrido no município de Santa Luzia, região metropolitana de Belo Horizonte, no Estado de Minas Gerais. Ao exame clínico, o animal apresentava-se com um quadro de paralisia flácida dos músculos do pescoço, das pernas e asas, além de apresentar ainda desprendimento de penas. A necropsia não revelou lesões significativas. Foi colhido o soro do animal e submetido ao teste de soroneutralização em camundongo, que identificou a toxina de C. botulinum tipo C.Botulism is an intoxication caused by the ingestion of toxins produced by Clostridium botulinum, that affects mammals and birds, characterized by a flaceid paralysis. This report describes a case of botulism in a goose in Santa Luzia, Minas Gerais State, Brazil. Clinical examinations showed dropping feathers and flaccid paralysis involving the muscles of the wings, legs and neck. post-mortem examination showed no significant gross or macroscopic lesions C. botulinum type C toxin was demonstrated in the serum of the affected animal through serum neutralization test in mice.

  3. Caracterização de cepas do Trypanosoma cruzi isoladas de doentes nos quais foi realizado transplante de coração

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Perla Natalia Bustos Lanura

    1995-12-01

    Full Text Available Três cepas do Trypanosoma cruzi foram, isoladas de pacientes com doença de Chagas crônica, receptores de coração por meio de tra?isplante. Houve caracterização delas através de modelo experimental baseado no emprego de camundongos, com avaliação de parasitismo, mortalidade e intensidade da inflamação no coração, além de análise do grau de parasitismo nesse órgão. Como controle, teve lugar comparação com o comportamento da já bem conhecida cepa Y. Ficaram caracterizadas atuações diferentes das cepas, ao serem valorizados os parâmetros citados, sem correlação rigorosa com as evoluções pós-transplantes, que sofrem a influência de vários fatores, entre os quais podem estar particularidades vinculadas ao parasitismo.

  4. Melanoides tuberculata (Mollusca: Thiaridae as an intermediate host of Centrocestus formosanus (Trematoda: Heterophyidae in Brazil Melanoides tuberculata (Mollusca: Thiaridae como hospedeiro intermediário de Centrocestus formosanus (Trematoda: Heterophyidae no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hudson Alves Pinto

    2010-08-01

    Full Text Available Pleurolophocercous cercariae emerged from naturally infected Melanoides tuberculata from Minas Gerais State, Brazil, were used to perform experimental infection of laboratory-reared Poecilia reticulata. Mature metacercariae were obtained from the gills of fishes and force-fed to Mus musculus. The adult parasites which recovered from small intestines of mice were identified as Centrocestus formosanus. This is the first report of M. tuberculata as intermediate host of this heterophyid in Brazil.Cercárias do tipo pleurolofocerca emergidas de Melanoides tuberculata naturalmente infectados coletados na represa da Pampulha, Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil, foram utilizadas para a infecção experimental de Poecilia reticulata criados em laboratório. Metacercárias maduras foram obtidas nas brânquias dos peixes e administradas por via oral a Mus musculus. Parasitos adultos recuperados no intestino delgado dos camundongos foram identificados como Centrocestus formosanus. Este é o primeiro relato de M. tuberculata como hospedeiro intermediário deste parasito no Brasil.

  5. Efeito antinociceptivo e antiinflamatório do extrato aquoso da entrecasca de Coutarea hexandra Schum. (Rubiaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Josefina E.X. Lucena

    Full Text Available No estado de Sergipe, o chá da entrecasca de Coutarea hexandra Shum. (Rubiaceae é popularmente utilizado no combate à dor e à inflamação. Estes usos etnofarmacológicos vieram motivar os estudos sobre os efeitos antinociceptivo e antiinflamatório, bem como sobre a toxicidade aguda do extrato aquoso liofilizado da entrecasca de Coutarea hexandra. Doses orais do extrato aquoso significativamente reduziram as contorções abdominais induzidas por ácido acético, aumentaram o tempo de latência ao calor no teste da placa quente, reduziram o edema de pata induzido por carragenina e, na segunda fase do teste da formalina, também reduziram a resposta dos animais à formalina. O efeito detectado no teste da formalina não foi revertido por naloxona ou cafeína. Nos ensaios de toxicidade aguda, não foi observada a morte de nenhum animal até a dose de 5 g/kg. Em conclusão, o extrato aquoso da entrecasca de C. hexandra possui efeitos antiinflamatório e antinociceptivo e não apresenta toxicidade aguda em camundongos. O efeito antinociceptivo não está relacionado à ativação dos sistemas opióide e adenosina e, ao menos parcialmente, é decorrente da atuação do extrato aquoso em nível central.

  6. Trypanosoma cruzi: strain selection by diferent schedules of mouse passage of an initially mixed infection

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria P. Deane

    1984-12-01

    Full Text Available From an initial double infection in mice, established by simultaneous and equivalent inocula of bloodstream forms of strains Y and F of Trypanosoma cruzi, two lines were derived by subinoculations: one (W passaged every week, the other (M every month. Through biological and biochemical methods only the Y strain was identified at the end of the 10th and 16th passages of line W and only the F strain at the 2nd and 4th passages of line M. The results illustrate strain selection through laboratory manipulation of initially mixed populations of T. cruzi.De uma infecção inicialmente dupla em camundongo, estabelecida por inóculo simultaneo e equivalente de formas sanguíneas das cepas Y e F de Trypanosoma cruzi, duas linhagens foram originadas por subinoculações: uma (W passada casa semana, a outra (M cada mês. Por métodos biológicos e bioquímicos apenas a cepa Y foi identificada ao fim a 10a. e 16a. passagens da linhagem W e apenas a cepa F na 2a. e 4a.passagens de linhagem M. Os resultados demonstram a seleção de cepas através de manipulação em laboratorio de populações inicialmente mistas de T. cruzi.

  7. Isolation of an enriched plasma membrame subpellicular microtubule fraction of Leishmania mexicana amazonensis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Solange L. Timm

    1980-01-01

    Full Text Available A cell fractionation procedure previously developed for Trypanosoma cruzi was applied to isolated the plasma membrane of promastigotes of Leishania mexicana amazonensis. The cell, swollen in an hypotonic mediun, were disrupted in the presence of a nonionic detergent and the membrane fraction isolated by differencial centrifugation. Electron microscopy showed that the fraction consisted of pieces of the plasma membrane associated with subpellicular microtubules. It was also shown that this fraction is able to induce cell-mediated immune response in mice.Um método de fracionamento subcelular, previamente desenvolvido para Trypanosoma cruzi, foi aplicado para isolar a membrana plasmática de promastigotas de Leishmania mexicana amazonensis. As células, após turgimento em meio hipotônico, foram rompidas na presença de um detergente não iônico e a fração de membrana isolada por centrifugação diferencial. A microscopia eletrônica mostrou consistir a fração de fragmentos de membrana plasmática associados com microtúbulos subpeliculares. Foi também mostrado que esta fração era capaz de induzir resposta celular em camundongos.

  8. Isolation of rabies virus from the parotid salivary glands of foxes (Pseudalopex vetulus from Paraíba State, Northeastern Brazil Isolamento de vírus rábico de glândulas salivares parótidas de raposas (Pseudalopex vetulus do Estado da Paraíba, Nordeste do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Luana Cristiny Rodrigues Silva

    2009-09-01

    Full Text Available To determine the presence of rabies virus in the parotid salivary glands, 12 road-killed rabies-positive hoary foxes (Pseudoalopex vetulus were tested by using the fluorescent antibody test (FAT and mouse inoculation test (MIT. All 12 parotid salivary glands were positive for both tests, although in some cases several passages were required. The findings of this study support the importance of the hoary fox as rabies reservoir in the semi-arid region of Paraíba State, Northeastern Brazil.Para determinar a presença de vírus rábico em glândulas salivares parótidas, 12 raposas (Pseudalopex vetulus atropeladas em rodovias e positivas para raiva foram testadas pelo teste de imunofluorescência direta (IFD e teste de inoculação em camundongos (IC. Todas as 12 glândulas salivares parótidas foram positivas em ambos os testes, embora, em alguns casos, várias passagens terem sido necessárias. Os achados do presente trabalho reforçam a importância das raposas como reservatórios de raiva no semi-árido do Estado da Paraíba, Nordeste do Brasil.

  9. Influência do BCG no controle da imunodeficiência humoral induzida pelo mastocitoma P-815 Influence of BCG in the control of humoral deficiency induced by mastocytoma P-815

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    H. M. Bräscher

    1986-06-01

    Full Text Available O BCG, em solução lipídica, injetado por via intravenosa, foi capaz de reverter a imunosupressão humoral provocada pelo mastocitoma P-815, em camundongos singênicos DBA/2, aumentando tanto o número de células formadoras de placas hemolíticas quanto os títulos de anticorpos hemaglutinantes do soro. Não foram encontradas diferenças significativas nos títulos de anticorpos hemaglutinantes da classe IgG. Nenhum efeito bloqueador pôde ser notado na progressão normal do tumor.Viable BCG bacilli, in a lipid emulsion, inoculated intravenously, were capable of reverting the profound humoral imunosuppresion induced in adult DBA/2 mice by the mastocytoma P-815, BCG increased not only the number of hemolytic plaque forming cells, but also the serum titers of hemagglutinating IgM antibodies. However, no blocking effect was detected on normal tumor progression.

  10. Avaliação do efeito antinociceptivo e da toxicidade aguda do extrato aquoso da Hyptis fruticosa Salmz. ex Benth

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline B.L. Silva

    Full Text Available Este trabalho descreve o efeito antinociceptivo e a toxicidade aguda do extrato aquoso das folhas da Hyptis fruticosa Salmz. ex Benth. (Lamiaceae. O extrato aquoso liofilizado, administrado por via oral, reduziu as contorções abdominais induzidas por ácido acético (200, 400 e 500 mg/kg e o tempo de reação dos animais na primeira fase do teste da formalina (100 mg/kg e 400 mg/kg. No teste da placa quente, o extrato aquoso aumentou o tempo de latência ao calor (100 e 200 mg/kg tendo este efeito sido revertido pelo antagonista opióide naloxona (5 mg/kg; i.p.. No ensaio de toxicidade aguda, não foi detectada a morte de nenhum animal após tratamento com doses de até 5 g/kg (v.o. do extrato. Em conclusão, os resultados obtidos indicam que o extrato aquoso da Hyptis fruticosa apresenta efeito antinociceptivo em camundongos e não apresenta toxicidade aguda nas doses testadas.

  11. Prevalência de anticorpos neutralizantes para o arbovirus Piry em individuos da região de Ribeirão Preto, Estado de São Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Tadeu Moraes Figueiredo

    1985-06-01

    Full Text Available Como parte de um inquérito sorológico pesquisando anticorpos para arbovírus, em habitantes da região de Ribeirão Preto, 202 soros foram testados por neutralização em camundongos, para o vírus Piry. Trata-se de um vesículo-vírus (Rhabdoviridae isolado em Belém do Pará, das vísceras de um marsupial e do sangue de um caso humano. O Piry é causa de doença humana aguda febril. Desconhece-se seus reservatórios animais, vetores e seu ciclo biológico. Os 202 soros testados foram obtidos por venopunção, de moradores adultos em áreas rurais e urbana da cidade de Ribeirão Preto. Os resultados mostraram prevalência de 14,3% de anticorpos neutralizantes para o vírus Piry. Conclui-se que infecções pelo Piry, ou outro agente antigenicamente relacionado, ocorram endemicamente nesta região.

  12. A refratariedade das aves ao "Trypanosoma (Schizotrypanum cruzi" I. ausência de passagem para o sangue; duração da viabilidade e destruição dos parasitos na pele The refractory State of birds toward the "Trypanosoma (Schizotrypanum Cruzi": I. Lack of transfer of parasites to the blood. Duration of viability and destruction of the parasites in the skin

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    F. Nery-Guimarães

    1972-01-01

    Full Text Available Quatro frangos e três pombos (1ª e 2ª experiências não se infectaram com o "T. (S. cruzi" (amostra Y, injetados na pele com doses de 9,8 x10*5 a 3,8 x 10*6 parasitos (mistura de formas de cultivo tripomastigotos sangüíneos. Em outros 2 frangos (6ª experiência, a refratariedade não foi rompida com, respectivamente, 5 injeções peritoneais em dias alternados, de 2,8 x 10*6 a 6,1 x 10*6 parasitos, e 5 injeções peritoneais diárias do conteúdo de um cultivo suspenso em salina, adicionado de tripamastigotos sangüíneos, obtidos de 3 camundongos jovens infectados. E, ainda em outros 2 frangos (7ª experiência, a refratariedade não foi rompida associando-se a doses peritoneais de 8,1 x 10*6 e 3,5 x 10*7 parasitos, respectivamente, a ministração de dexametasona, seja com o início da droga no mesmo dia da inoculação (0,4 mg/8 doses/10 dias, seja com o ínicio da droga 3dias antes do dia da inoculação (0,4 mg/10 doses/12 dias. Nessas 11 aves a refratariedade foi comprovada pela inoculação do sangue em camundongos albinos recém-nascidos (total de 54 inoculaçoes negativas em 301 camundongos; e por 52 xenodiagnósticos negativos (total de 175 larvas e adultos de Triatoma infestans e Panstrongylys megistus. As inoculações e os xenodiagnósticos foram feitos entre 1 hora (h e 96 h e aos 10, 20 e 30 dias depois da inoculação das aves. (Quadro 1. Portanto, além da refratariedade, ficou demonstrado que os parasitos não passam para o sangue circulante das aves. em 10 frangos (3ª, 4ª e 5ª experiências inoculados na pele com, 1,9 x 10*6 a 3,7 x 10*6 parasitos, verificou-se a duração da viabilidade dos parasitos nas áreas injetadas. Estas foram puncionadas de 1/2 com 1/2 hora, e o material obtido microscopado e inoculado em camundongos recém-nascidos. De 17 inoculações feitas até às 8:30 h, doze foram positivas, inclusive a última; e de 13 inoculações feitas entre 9 e 90 h (as 4 primeiras ainda de 1/2 em 1/2 h, todas

  13. Desenvolvimento de um radioimunoensaio de dexametasona no soro como subsídio para o diagnóstico da síndrome de Cushing Development of serum dexamethasone radioimmunoassay to corroborate Cushing's syndrome diagnosis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lilian Fukusima Hayashi

    2011-10-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: O teste de supressão com 1 mg de dexametasona (TSDx é amplamente empregado no rastreamento da síndrome de Cushing (SC dada sua elevada acurácia diagnóstica. A SC é um distúrbio endocrinometabólico resultante do hipercortisolismo crônico com característica de ausência de supressão do cortisol no TSDx. OBJETIVO: Desenvolver um radioimunoensaio (RIE para a dosagem de dexametasona (Dx no soro para complementar o TSDx. MÉTODOS: Foram imunizados três coelhos com o conjugado dexametasona-21-hemissuccinato-BSA para escolha do melhor anticorpo e o RIE foi desenvolvido de acordo com as recomendações da RE 899/2003 da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA. Analisamos 96 voluntários, sendo 67 submetidos ao TSDx e 29 não, e 12 pacientes com SC, estudados na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP e na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo. RESULTADOS: O anticorpo contra Dx selecionado mostrou boa especificidade, coeficiente de variação (CV% intra e interensaio INTRODUCTION: The 1 mg dexamethasone suppression test (DxST is widely used to screen Cushing's syndrome (CS due to its high diagnostic accuracy. CS is an endocrine-metabolic disorder caused by hypercorticism, which is characterized by the absence of cortisol suppression in DxST. OBJECTIVE: To develop a radioimmunoassay (RIA for the measurement of serum dexamethasone (Dx to complement DxST. METHODS: Three rabbits were inoculated with dexamethasone-21-hemisuccinate-BSA in order to choose the best antibody. Serum Dx RIA was performed according to RE 899/2003 (Agência Nacional de Vigilância Sanitária [ANVISA] regulations. Serum samples from 96 volunteers from Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP and Santa Casa de Misericórdia de São Paulo were analyzed, 67 of which were submitted to DxST and 29 were not. There were 12 patients with CS. RESULTS: The Dx antibody chosen showed good specificity. Intra- and interassay CV were < 20% with 93

  14. Alteração da resposta imune mediada por células durante o tratamento com Benzonidazol

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antônio R L Teixeira

    1983-03-01

    Full Text Available Coelhos inoculados com tripomastigotas da cepa Ernestina do Trypanosoma cruzi tiveram parasitemias, demonstradas pelo xenodiagnóstico, até cinco meses e meio após a infecção. O tratamento de alguns desses coelhos com benzonidazol, na dose de 8mg/kg durante sessenta dias, após dois meses de infecção, resultou na negativação dos xenos após 30 dias de uso da medicação. Os coelhos chagásicos crônicos, após seis meses de infecção, já tinham a parasitemia subpatente quando foram submetidos a tratamento idêntico àqueles da fase aguda. Em ambos os casos, os coelhos tratados com benzonidazol tiveram títulos de anticorpos humorais semelhantes àqueles verificados nos coelhos chagásicos não- tratados, inclusive durante a quimioterapia. A não alteração da imunidade humoral em coelhos tratados foi comprovada quando animais chagásicos e não chagásicos submetidos ao tratamento produziram títulos de anticorpos hemolíticos idênticos àqueles verificados nos animais não-tratados. Em acentuado contraste, a função imune timo-dependente foi severamente alterada pelo uso do benzonidazol. As reações de hipersensibilidade tardia contra um antígeno sub- celular do T. cruzi foram suprimidas durante a vigência do tratamento dos coelhos chagásicos. Paralelamente, estas reações eram intensas nos coelhos chagásicos não-tratados e negativas em coelhos controles normais. Todavia, as reações cutâneas tornaram-se novamente positivas 10 dias após o tratamento. Foi interessante notar que as reações de hipersensibilidade tardia in vivo, em coelhos imunizados com BCG e testados com PPD ou em coelhos sensibilizados com DNCB também foram suprimidas durante o tratamento com o benzonidazol. Contudo, as reações de imunidade celular contra estes antígenos também reverteram aos valores normais 7 a 10 dias após a suspensão do benzonidazol. Resultados semelhantes foram relatados em relação ao nifurtimox, outra droga utilizada no

  15. Imunização ativa e passiva no prematuro extremo Active and passive immunization in the extremely preterm infant

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eduardo C. Tavares

    2005-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: Revisão sobre a indicação, contra-indicação, época ideal, eficácia imunogênica e reatogenicidade (eventos adversos das imunizações passiva e ativa nos RN pré-termo extremos. FONTE DOS DADOS: Pesquisa em livros-textos clássicos de infectologia pediátrica e nas bases de dados eletrônicas MEDLINE, Lilacs, PubMed e Akwanmed, utilizando os seguintes descritores de ciências da saúde: prematuro, recém-nascido de muito baixo peso, imunização, imunização ativa, imunização passiva, vacinas, imunoglobulina. SÍNTESE DOS DADOS: A imunização do recém-nascido pré-termo extremo ou de muito baixo peso ao nascer é um grande desafio para o pediatra, por não haver conhecimento suficiente da eficácia da resposta imunitária e das reações indesejáveis. Talvez, por isto, seja comum encontrar estas crianças com o seu esquema de imunizações incompleto ou atrasado. No entanto, apesar da escassez de publicações sobre o tema, em princípio, a idade gestacional e o baixo peso ao nascer não devem ser considerados fatores limitantes para que um recém-nascido prematuro clinicamente estável seja imunizado na mesma idade cronológica indicada para as crianças nascidas a termo. CONCLUSÃO: Não é possível, baseado em evidências, apresentar uma conduta inquestionável para a aplicação de vacinas e imunoglobulinas em recém-nascidos prematuros extremos ou de muito baixo peso. A tendência é - com raras exceções, como, por exemplo, a vacina BCG - manter o mesmo esquema de imunização ativa do recém-nascido a termo, independentemente do peso ao nascer ou da idade gestacional. A imunização passiva merece especial atenção, tendo indicações mais liberais neste grupo de recém-nascidos.OBJECTIVE: A review of the indications, contraindications, ideal timing, immunogenic efficacy and reactogenicity (adverse events of active and passive immunization for extremely preterm infants. SOURCES OF DATA: Research in classic

  16. Vacinação contra a hepatite B entre trabalhadores da atenção básica à saúde Hepatitis B vaccination among primary health care workers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leila Posenato Garcia

    2008-05-01

    Full Text Available A vacinação dos trabalhadores da saúde contra a hepatite B é fundamental para evitar a transmissão ocupacional do vírus nas unidades de atenção básica à saúde. Os objetivos deste inquérito epidemiológico foram verificar a prevalência da vacinação completa contra a hepatite B, estimar a prevalência da confirmação da imunidade e investigar os fatores associados à realização do esquema vacinal completo entre trabalhadores de unidades de saúde do Município de Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. Participaram do estudo 1.249 trabalhadores. A prevalência da vacinação completa contra a hepatite B foi de 64,61% e 29,82% dos trabalhadores indicaram saber que estavam imunizados após a realização de exame sorológico para confirmação da imunidade. Na análise ajustada, a vacinação foi positivamente associada com maior escolaridade e contato com material biológico ou materiais perfurocortantes durante o trabalho, e negativamente associada com regimes de trabalho precários e fumo atual. São recomendadas medidas educativas visando à vacinação daqueles que não o fizeram ou não completaram o esquema vacinal e informação sobre a necessidade do monitoramento da resposta vacinal.Health care workers' immunization against hepatitis B is an essential measure to avoid occupational transmission of hepatitis B virus at primary health care centers. The aims of this study were to investigate the prevalence of complete-series vaccination against hepatitis B, estimate the prevalence of confirmed immunity, and verify the factors associated with complete-series vaccination among primary health care workers in Florianópolis, Santa Catarina State, Southern Brazil. A total of 1,249 primary health care workers participated in this study. The prevalence of complete hepatitis B vaccination was 64.61%, and 29.82% of workers indicated knowing they were immunized after taking a serological test to confirm immunity. In the adjusted

  17. Catalase activity of different Candida species after exposition to specific antiserum Atividade de catalase em Candida sp. após exposição a antisoro específico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Natália R.S. Miyasaka

    2008-03-01

    leveduras do gênero Candida e neste trabalho, sua atividade enzimática foi analisada por PAGE, após exposição aos antisoros obtidos. Verificou-se que as catalases de C. albicans, C. tropicalis e C. parapsilosis foram imunogênicas e apresentaram diferenças quanto à sua ligação aos anticorpos específicos produzidos nos coelhos. Testes de reação cruzada mostraram que quando o antisoro obtido do animal imunizado com C. albicans foi incubado com os extratos intracelulares de cada uma das três espécies, a atividade da catalase intracelular foi neutralizada em todos os casos. Entretanto, os antisoros obtidos da imunização com C. parapsilosis e C. tropicalis não afetaram a atividade da catalase de C. albicans; a catalase de C. albicans foi neutralizada somente pelo antisoro específico. O antisoro anti-C. tropicalis foi espécie-específico e não reagiu com as catalases de C. albicans e C. parapsilosis. As atividades das catalases bovina e de Aspergillus niger não foram afetadas por nenhum dos antisoros produzidos contra Candida sp. Este trabalho é uma análise preliminar de antisoros específicos reagentes com a catalase intracelular de Candida sp., capazes de neutralizar a atividade enzimática. Novos estudos são importantes para o desenvolvimento de anticorpo espécie-específico, uma vez que diferentes espécies de Candida apresentam diferente susceptibilidade aos antifúngicos de uso corrente.

  18. Ativação da proteína TGFbetaI latente em pulmão irradiado in vivo Latent TGFbeta1 activation in the lung irradiated in vivo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    MARCOS DUARTE MATTOS

    2002-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Investigar no pulmão, por imunohistoquímica, a localização das proteínas TGFbeta1 latente e TGFbeta1 ativa, se ocorre ativação radioinduzida da proteína TGFbeta1 latente e a distribuição das fibras colágenas em diversos períodos de tempo após irradiação. MÉTODOS: 32 camundongos isogênicos (C57BL foram divididos em dois grupos: GI (não irradiado com 12 animais e GII (irradiado com 20 animais. Os animais do GII receberam radiação gama (telecobaltoterapia, 60Co, com rendimento de 0,97Gy/min, dose única de 7Gy em corpo inteiro. Os camundongos dos grupos I e II foram sacrificados por estiramento cervical nos períodos de 1, 14, 30 e 90 dias após irradiação. RESULTADOS: Os pulmões irradiados apresentaram: 1 congestão vascular e espessamento dos septos alveolares aos 30 dias e mais intensamente aos 90 dias depois da irradiação; 2 aumento significante da deposição de colágeno em todos os períodos de tempo após irradiação; 3 fraca ativação da proteína TGFbeta1 latente em um dia e intensa aos 14 dias depois da irradiação em brônquios e alvéolos. Nossos resultados sugerem que células dos brônquios e alvéolos podem participar do complexo mecanismo de fibrose pulmonar radioinduzida atuando como fontes da proteína TGFbeta1 ativa.PURPOSE: assess the latent and active TGFb1 localization in the lung, whether or not radiation induces latent TGFbeta1 activation, and the distribution of collagen fibers in the irradiated lung. METHODS: Thirty two C57BL mice were randomly assigned in two groups: GI (non irradiated animals and GII (irradiated animals. The mice from GII received a single whole ¾ body radiation dose of 7Gy, using a 60Co source at a dose rate of 0.97 Gy/min. They were sacrificed by cervical dislocation at 1, 14, 30 and 90 days after radiation. RESULTS: The irradiated lungs showed: 1 vascular congestion and thickness of the alveolar septa 30 days and more intense 90 days after irradiation; 2

  19. Antigenic and genetic characterization of the first rabies virus isolated from the bat Eumops perotis in Brazil Caracterização antigênica e genética do primeiro isolado de vírus da raiva em morcego Eumops perotis no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Galera Castilho

    2008-04-01

    realizado em cultura de células N2A e em camundongos adultos. A amostra foi submetida à tipificação antigênica, utilizando um painel de oito anticorpos monoclonais (CDC/Atlanta/USA. A seqüência de DNA do gene da nucleoproteína, localizada entre os nucleotídeos 102 a 1385, foi alinhada com seqüências homólogas presentes no GenBank, usando o método CLUSTAL/W e o alinhamento foi utilizado para a construção da árvore filogenética de distância "neighbor-joining" com o modelo K-2-P. O SNC testado foi negativo por IFD, e somente um camundongo morreu após inoculação com a suspensão do SNC do morcego. A tipificação antigênica apresentou resultado não-compatível com os padrões definidos pelo painel. A análise filogenética mostrou que o vírus isolado segregou no mesmo grupo relacionado com outros vírus isolados de morcegos insetívoros, gênero Nyctinomops ssp. (98,8% de identidade de nucleotídeos entre elas.

  20. Treatment of acute experimental schistosomiasis Tratamento da esquistossomose aguda experimental

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Zilton A. Andrade

    1989-12-01

    Full Text Available A model of acute schistosomiasis of the mouse was used to observe whether curative treatment would be followed by an enhancement of the hepatic and splenic lesions, as a consequence of the massive destruction of worms and eggs within the portal system. Mice infected with 50 cercariae of Schistosoma mansoni were treated with both oxamniquine and praziquantel on the 50th day of infection and submitted to a sequential histologic examination from the 2nd to the 45th day after treatment. Although severe focal lesions due to dead and disintegranting worms were present in the livers of the treated animals, no aggravation of the general changes (reative hepatitis and splenitis, or periovular granulomas was seen in comparison with a control non-treated group. Of 50 animals treated during the acute phase of schistosomiasis only one died espontaneously, while 16 ou of 30 infected controls died before the end of the experiment. The present investigation indicates that curative treatment during the acute phase of schistosomiasis does not enhance previous lesions at first and results in progressive disappearance of the lesions starting six days following chemotherapy.Foi utilizado um modelo de esquistossomose aguda do camundongo para testar se o tratamentop curativo da parasitose nesta fase poderia produzir uma exacerbação das lesões hepáticas e esplênicas, em virtude da destruição maciça de vermes e ovos nointerior do sistema porta. Camundongos infectados com 50 cercárias do Schistosoma mansoni foram tratados no 50º dia da infecção por uma combinação de oxamniquine e praziquantel e submetidos a exames histopatológicos seqüenciados desde o 2º até o 45º dia após o tratamento. Muito embora tenham sido encontrados lesões focais intensas causadas por vermes mortos no interior do fígado, não foi encontrada qualquer evidência de agravamento das lesões gerais (hepatite reacional e esplenite, ou nos granulomas periovulares quando se fez

  1. Biodemes and zymodemes of Trypanosoma cruzi strains: correlations with clinical data and experimental pathology

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sonia G. Andrade

    1997-02-01

    Full Text Available With the objective of establishing biological and biochemical characteristics of a significant number of Trypanosoma cruzi strains from different geographical areas, 138 strains isolated from naturally infected humans, triatomine or vertebrate hosts were studied; 120 were isolated from different areas of Brazil and 18 from other South and Central American countries. Inocula from triatomine or culture forms were injected into suckling Swiss mice, followed by passages into mice 10 to 12 g. Biological characters and histopathological study permitted the inclusion of the strains into three Types or biodemes: I, II, III. Isoenzymic analysis confirmed a correspondence between the biodemes and zymodemes : Type I and Z2b, Type II and Z2, Type III and Z1. Results showed the ubiquitary distribution of the several types of strains. The predominance of the same Type and zymodeme in one geographical area was confirmed : Type II strains among the human cases from eastern Bahia and east of Goiás; Type III strains from humans of north Brazil and Central America and from silvatic vectors or vertebrates from other geographical areas. The biological types of strains correlate with different histopathological lesions considering cardiac involvement and neuronal lesions. These findings suggest that the biological behavior together with isoenzymes patterns and pathological pictures in the vertebrate host can be an important tool for establishing correlations between strains behavior and clinico-pathological manifestations of Chagas' disease in different geographical areas.Foram estudados os caracteres biológicos e isoenzimáticos de 138 cepas do Trypanosoma cruzi de diferentes áreas geográficas, sendo 120 do Brasil e 18 de outros paises da América do Sul e Central. Camundongos recém-nascidos foram inoculados com formas metacíclicas de triatomineos ou de culturas axenicas, seguindo-se passagem em camundongo de 10 a 12g. Os caracteres biológicos e o estudo

  2. Pharmacological immunomodulation enhances peripheral nerve regeneration Imunomodulação farmacológica aumenta a regeneração de nervos periféricos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Inoe

    2007-09-01

    Full Text Available To assess the effect of N-Acetylmuramyl-L-Alanyl-D-Isoglutamine MDP topically administrated on the regenerating peripheral neurons, twelve male C57BL/6J adult mice were equally distributed into three groups. Four mice underwent unilateral sciatic nerve transection and polyethylene tubulization, with a 4mm gap between the proximal and distal nerve stumps and were implanted with collagen + PBS (COL. Other four animals underwent the same surgical procedure but received collagen + MDP (COL/MDP inside the prosthesis. Four animals were not operated and served as control group (NOR. After 4 weeks, the regenerated nerve cables were processed for total myelinated axon counting and myelinated fiber diameter measurement. The L5 dorsal root ganglion (DRG was also removed and sectioned for sensory neurons counting and measurement. The results revealed significant difference (pPara avaliar o efeito do NAcetilmuramil- L-Alanil-D-Isoglutamina administrado topicamente em neurônios periféricos em regeneração, doze camundongos C57BL/6J machos adultos foram igualmente separados em três grupos. Quatro animais sofreram transecção unilateral do nervo ciático que foi ancorado no interior de um tubo de polietileno, mantendo-se 4 mm de distância entre as extremidades dos nervos e receberam colágeno + PBS (COL dentro do tubo. Outros quatro animais sofreram o mesmo procedimento cirúrgico, porém receberam colágeno + MDP (COL/MDP no interior da prótese. Quatro animais não foram operados e serviram como controle de normalidade (NOR. Após quatro semanas, os cabos de regeneração foram coletados para determinação do número de axônios mielínicos e da mêdia do diâmetro das fibras mielínicas regeneradas. O gânglio da raiz dorsal L5 também foi coletado para contagem e mensuração dos neurônios sensitivos. Os resultados revelaram diferença significativa no número de axônios entre os grupos NOR (4355±32, COL (1869±289 e COL/MDP (2430±223. Houve redu

  3. Toxicidade aguda dos extratos hidroalcoólicos das folhas de alecrim-pimenta, aroeira e barbatimão e do farelo da casca de pequi administrados por via intraperitoneal Acute toxicity of leaf hydroalcoholic extracts of Lippia sidoides, Myracroduon urundeuva, Stryphnodendron adstringens and of Caryocar brasilliense administered by intraperitoneal route

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anna Christina Almeida

    2010-02-01

    Full Text Available O estudo objetivou realizar ensaio toxicológico pré-clínico inicial para investigar a toxicidade das folhas de alecrim-pimenta (Lippia sidoides Cham., aroeira (Myracrodruon urundeuva Fr. All. e barbatimão [Stryphnodendron adstringens (Mart. Coville] e do farelo da casca de pequi (Caryocar brasiliense Camb., por meio da determinação da dose letal 50% (DL50. Na investigação da DL50, foram utilizados grupos de camundongos Swiss de mesmo sexo (n=150, sendo 30 animais por tratamento inoculados, por via intraperitoneal, com diluições seriadas do extrato hidroalcoólico das folhas de alecrim, aroeira e barbatimão e do farelo da casca de pequi. Após a inoculação, os animais foram observados por um período de 14 dias, para determinar a quantidade de mortos, doentes e sobreviventes. O estudo toxicológico pré-clínico agudo demonstrou, em camundongos por via intraperitoneal, toxicidade igual a 0,31mg mL-1 DL50 mL-1 para todas as plantas, exceto para o barbatimão, que apresentou toxicidade igual a 0,25mg mL-1. Pesquisas devem ser realizadas visando a obter dados de toxicidade das plantas em outras vias para assegurar o uso em saúde humana e animal.This study aimed to conductpre-clinical toxicology testing to investigate the toxicity of Lippia sidoides Cham., Myracrodruon urundeuva Fr. All., Stryphnodendron adstringens (Mart. Coville and Caryocar brasiliense Camb., by determining the 50% (LDL50 lethal dose. In the investigation of the LD50, groups of Swiss mice of the same sex were used (n=150; 30 animals per plant and all inoculated intraperitoneally with serial dilutions of the aqueous fraction obtained from the leaves of plants. After inoculation, the animals were observed along a period of 14 days in order to observe the dead, sick and survivors rate. In mice inoculated intraperitoneally, the acute pre-clinical toxicology testing demonstrated toxicity equal to 0,31mg mL-1 LD50 mL-1 for all plants. The exception was for Stryphnodendron

  4. Water extracts of Brazilian leguminous seeds as rich sources of larvicidal compounds against Aedes aegypti L.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Davi F. Farias

    2010-09-01

    Full Text Available This study assessed the toxicity of seed water extracts of 15 leguminous species upon Aedes aegypti larvae. A partial chemical and biochemical characterization of water extracts, as well as the assessment of their acute toxicity in mice, were performed. The extracts of Amburana cearensis, Anadenanthera macrocarpa, Dioclea megacarpa, Enterolobium contortisiliquum and Piptadenia moniliformis caused 100% of mortalit y after 1 to 3 h of exposure. They showed LC50 and LC90 values ranging from 0.43 ± 0.01 to 9.06 ± 0.12 mg/mL and from 0.71 ± 0.02 to 13.03 ± 0.15 mg/mL, respectively. Among the secondary metabolite constituents, the seed water extracts showed tannins, phenols, flavones, favonols, xanthones, saponins and alkaloids. The extracts also showed high soluble proteins content (0.98 to 7.71 mg/mL, lectin (32 to 256 HU/mL and trypsin inhibitory activity (3.64 = 0.43 to 26.19 = 0.05 gIT/kg of flour The electrophoretic profiles showed a great diversity of protein bands, many of which already described as insecticide proteins. The extracts showed low toxicity to mice (LD50 > 0.15 = 0.01 g/kg body weight, but despite these promising results, further studies are necessary to understand the toxicity of these extracts and their constituentsfrom primary and secondary metabolism upon Ae. aegypti.Este trabalho objetivou avaliar a toxicidade dos extratos aquosos de sementes de 15 espécies de leguminosas contra larvas de Aedes aegypti. Foi realizada uma caracterização química e bioquímica parcial dos extratos aquosos e a avaliação da toxicidade aguda em camundongos. Os extratos de Amburana cearensis, Anadenanthera macrocarpa, Dioclea megacarpa, Enterolobium contortisiliquum e Piptadenia moniliformis causaram 100% de mortalidade depois de 1 a 3 h de exposição e mostraram valores de CL50 e CL90 entre 0,43 = 0,01 e 9,06 ± 0,12 e entre 0,71 = 0,02 e 13,03 = 0,15 mg/mL, respectivamente. Dentre os constituintes do metabolismo secundário, os extratos

  5. Proposta de um modelo murino de curta duração de resposta pulmonar alérgica aguda sem utilização de adjuvante Proposed short-term model of acute allergic response, without adjuvant use, in the lungs of mice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andrea Mendonça Rodrigues

    2012-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Determinar se um protocolo curto de sensibilização com ovalbumina subcutânea, sem adjuvante, induziria uma resposta pulmonar eosinofílica em pulmões de camundongos similar àquela encontrada em protocolos previamente estabelecidos. MÉTODOS: Fêmeas adultas de camundongos BALB/c foram randomizadas e divididas em grupos de acordo com o número de sensibilizações com ovalbumina e o número/dosagem de provocação intranasal. O protocolo curto (10 dias consistiu de uma sensibilização e três provocações com ovalbumina (100 µg. A contagem total e diferencial de células no lavado broncoalveolar, o nível de peroxidase eosinofílica no tecido pulmonar e o exame histopatológico dos pulmões foram realizados 24 h após a última provocação. RESULTADOS: Não houve diferenças significativas entre os grupos em relação às variáveis estudadas. O protocolo curto, assim como os outros protocolos estudados, induziu uma resposta eosinofílica pulmonar semelhante àquela do grupo controle positivo. CONCLUSÕES: A sensibilização por ovalbumina subcutânea sem o uso de adjuvante resultou em uma significativa resposta pulmonar alérgica em ratos, mesmo no grupo de protocolo curto. Nossos achados sugerem que esse protocolo curto pode ser utilizado como teste pré-clínico de primeira linha para a pesquisa de novos fármacos, reduzindo custos e o tempo de observação.OBJECTIVE: To determine whether a short-term protocol using subcutaneous sensitization with ovalbumin, without the use of adjuvants, would induce an eosinophilic response in the lungs of mice similar to that observed in previous, well-established protocols. METHODS: Adult female BALB/c mice were randomized and divided into groups according to the number of sensitizations with ovalbumin and the number/dosage of intranasal ovalbumin challenges. The short-term protocol (10 days consisted of one sensitization with ovalbumin and three ovalbumin challenges (100 µg. Total and

  6. Recent advances and opportunities in research on lupus: environmental influences and mechanisms of disease Avanços e oportunidades atuais na pesquisa sobre lúpus: influências ambientais e mecanismos da doença

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Glinda Cooper

    2009-12-01

    ário um adjuvante ou efeito do observador para gerar uma resposta autoimune sustentável. A ativação de receptores toll-like é um dos mecanismos através do qual esses efeitos podem ocorrer. A metilação anormal do DNA também pode contribuir à patogenia de lúpus. Cada exposição mostrou, em humanos e camundongos, que age conforme um ou mais desses passos patogênicos. Recomendações específicas ao contínuo progresso do conhecimento sobre as influências ambientais no lúpus e outras doenças autoimunes compreendem o desenvolvimento e utilização de modelos de camundongos com graus variados de penetrância e manifestações da doença, identificação de alvos moleculares ou fisiológicos de exposições específicas, desenvolvimento e uso de melhores metodologias de avaliação de exposição e colaborações multisite para examinar exposições ambientais sobre os humanos menos estudados.

  7. Terapia fotodinâmica com ftalocianina de zinco tópica: avaliação da intensidade de fluorescência, absorção cutânea, alterações histológicas e imuno-histoquímicas na pele do modelo animal Topical photodynamic therapy with zinc phthalocyanine: evaluation of fluorescence intensity, skin absorption, skin histological and immunohistochemical changes in animal model

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marília Vannuchi Tomazini

    2007-12-01

    Full Text Available FUNDAMENTOS - Ftalocianinas são promissores agentes fotossensibilizadores na terapia fotodinâmica (TFD. OBJETIVOS - Avaliar intervalos, veículos e a incorporação de promotor de absorção na formulação tópica da ftalocianina de zinco (FC-Zn. Avaliar alterações macro e micromorfológicas e a expressão de Fas promovidas pela TFD com FC-Zn tópica no modelo murino. MÉTODOS - Por meio da espectrometria de fluorescência, foram avaliadas combinações de diferentes períodos de oclusão tópica das formulações gel ou emulsão de FC-Zn (1mg/dl, com ou sem monoleína 5%, no dorso do camundongo hairless. Após oito horas das diferentes formulações, os camundongos foram expostos ao laser de diodo de 670nm, dose de 50J/cm-². RESULTADOS - A fluorescência foi discretamente superior após oito horas e com a emulsão nos intervalos de uma, duas e quatro horas de oclusão. A intensidade do edema e da erosão correspondeu à necrose da epiderme e à imunoexpressão de Fas nos cortes histológicos de pele. CONCLUSÕES - Os achados indicam a ação fotodinâmica promovida pela interação entre FC-Zn e fonte de luz de 670nm. As alterações macro e micromorfológicas foram correspondentes e mais substanciais com a emulsão FC-Zn e monoleína, sugerindo a acentuação dos efeitos com essa formulação. A imunoexpressão de Fas e as alterações histológicas sugeriram a apoptose como mecanismo de morte celular na TFD com FC-Zn tópica.BACKGROUND - Phthalocyanines are promising photosensitizers used in photodynamic therapy (PDT. OBJECTIVES - To evaluate the following parameters: intervals, vehicles and enhancer using topical zinc-phthalocyanine (Zn-PC formulation. To examine macro and micromorphological changes and Fas expression induced by topical Zn-PC-PDT on murine skin. MATERIAL AND METHODS - Using fluorescence spectrometry, different intervals of topical occlusion employing Zn-PC gel or emulsion, with or without monolein 5% were studied

  8. Oral transmission of Chagas disease: importance of Trypanosoma cruzi biodeme in the intragastric experimental infection Transmissão oral da doença de Chagas: importância do biodema do Trypanosoma cruzi na infecção experimental intragástrica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edson Luiz P. CAMANDAROBA

    2002-04-01

    digestiva. Foi feita inoculação por via intragástrica (VIG em camundongos Suíços com a cepa Peruana (Biodema Tipo I, Z2b ou com a Colombiana (Biodema Tipo III, Z1, T. cruzi I. Para controle da infecção, camundongos foram também inoculados por via intraperitoneal (VIP. A cepa Colombiana mostrou alta infectividade e patogenicidade tanto por VIP como por VIG. A cepa Peruana apresentou alta infectividade e patogenicidade pela VIP e mostrou baixa infectividade pela VIG. A mais elevada infectividade pela VIG, da cepa Colombiana, cujo biodema Tipo III, Z1 é o mais freqüentemente encontrado nos hospedeiros silvestres, está de acordo com a ocorrência dos episódios epidêmicos registrados na literatura.

  9. Arbovírus Ilheus em aves silvestres (Sporophila caerulescens e Molothrus bonariensis Ilheus arbovirus in wild birds (Sporophila caerulescens and Molothrus bonariensis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Eloy Pereira

    2001-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Relatar o isolamento do vírus Ilheus no Estado de São Paulo e avaliar o seu impacto para a saúde pública. MÉTODOS: O isolamento de vírus foi realizado em camundongos albinos Swiss, a partir de sangue de aves silvestres, capturadas com redes de espera tipo mist net, armadas no nível do solo, no Parque Ecológico do Tietê, São Paulo. A identificação das cepas isoladas foi feita pelos testes de inibição da hemaglutinação, fixação de complemento e neutralização em camundongos. Amostras de plasma de aves e de mamíferos silvestres foram submetidas à pesquisa sorológica para detecção de anticorpos inibidores de hemaglutinação. RESULTADOS: Foram isoladas duas cepas do vírus Ilheus em sangue de aves das espécies Sporophila caerulescens e Molothrus bonariensis e detectados anticorpos em aves das espécies Columbina talpacoti, Geopelia cuneata, Molothrus bonariensis e Sicalis flaveola, em sagüis das espécies Callithrix jacchus e Callithrix penicillata e no quati Nasua nasua. CONCLUSÕES: O isolamento do vírus Ilheus e a detecção de anticorpos específicos em aves residentes, migratórias e de cativeiro, em sagüis e quatis, comprovam a presença desse agente no Parque Ecológico do Tietê. O comportamento migratório de aves silvestres pode determinar a introdução do vírus em outras regiões. Considerando-se a patogenicidade para o homem e a confirmação da circulação desse agente viral em área urbana, freqüentada para atividade de lazer e de educação, o risco de ocorrência de infecção na população humana não pode ser descartado.OBJECTIVE: To report the first Ilheus arboviruses isolated from wild birds and analyze its public health impact. METHODS: Wild birds and mammals were captured using mist nets and Tomahawk traps, respectively. Blood samples were drawn from these animals and inoculated intracerebrally in Swiss suckling mice found in the Parque Ecológico do Tietê, Brazil. The isolates were

  10. Estudo experimental comparativo da ação das neurocinas cardiotrofina-1 e oncostatina-m na regeneração nervosa periférica Comparative experimental trial on cardiotrophin-1 and oncostatin-m activity in the peripheral nerve regeneration

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sérgio Augusto M. da Gama

    2000-06-01

    Full Text Available Os avanços das técnicas microcirúrgicas e o conhecimento detalhado do microambiente da regeneração podem contribuir significativamente na melhoria dos resultados das reparações nervosas periféricas. Nos últimos anos vários autores têm utilizado uma série de tecidos e substâncias interpostos entre os cotos de um nervo periférico seccionado, buscando estimular o crescimento axonal no local da lesão. Através da técnica de tubulização, os autores estudam o efeito de duas neurocinas, a cardiotrofina-1 (CT-1 e a oncostatina-M (OsM, no crescimento axonal e na sobrevida dos neurônios sensitivos nos gânglios da raiz dorsal de L5, após a lesão de nervos ciáticos em camundongos C57BL/6J. Utilizam 3 grupos de 7 animais que tiveram seus nervos seccionados e tubulizados com próteses de polietileno preenchidas com cardiotrofina-1, oncostatina-M e citocromo-C, associadas a um extrato de colágeno. Um quarto grupo de 3 animais, não operados, foi considerado por nós como grupo controle de normalidade. Após 4 semanas da cirurgia, os camundongos foram sacrificados, e realizada a contagem das fibras mielínicas nos cabos de regeneração retirados. Os gânglios das raizes dorsais de L5 também foram dissecados possibilitando a contagem dos neurônios sensitivos. Os dados foram analisados estatisticamente, permitindo concluir que as duas substâncias, utilizadas por nós, foram efetivas no estímulo ao brotamento axonal, porém, as mesmas não conseguiram impedir a morte dos neurônios sensitivos no gânglio da raiz dorsal de L5.The advances in microsurgery procedures and the detailed knowledge of regeneration may contribute significantly to the improvement of the results of peripheral nerve repair. In the last years, several authors have used series of tissues and substances interposed between the stumps of the sectioned peripheral nerve, trying to stimulate the axon growth in the lesion site. Using the nerve entubulation technique, the

  11. Technetium-99m-labeled stealth pH-sensitive liposomes: a new strategy to identify infection in experimental model

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vildete Aparecida Sousa Carmo

    2007-09-01

    Full Text Available The diagnosis of inflammatory and infectious processes is an important goal in medicine. The use of radiopharmaceuticals for identification of inflammation and infection foci has received considerable attention. The aim of this work was to evaluate the uptake and the imaging potential of stealth pH-sensitive liposomes radiolabelled with 99mTechnetium (99mTc to identify infection sites in mice. The liposomes containing glutathione were labeled with 99mTc-Hexamethylpropyleneamine oxime (HMPAO complex. The 99mTc-labeled stealth pH-sensitive liposomes (99mTc-SpHL were injected in mice bearing infection in the right thigh muscle induced by Staphylococcus aureus. Biodistribution studies and scintigraphic imaging were performed at different times after injection of radiopharmaceutical. The 99mTc-SpHL was significantly uptaken by abscess when compared to the respective control. The abscess was visualized as early as 0.5 hours after injection of 99mTc-SpHL becoming more prominent with the time. These results indicate that 99mTc-SpHL is a promising radiopharmaceutical for visualizing infection foci in patients.O diagnóstico de processos inflamatórios e infecciosos é um objetivo importante em medicina. O uso de radiofármacos para identificação de focos de inflamação e infecção tem recebido considerável atenção. O objetivo deste trabalho foi avaliar a captação e o potencial de imagem de lipossomas pH-sensíveis furtivos radiomarcados com 99mTecnécio (99mTc para identificar sítios de infecção em camundongos. Os lipossomas contendo glutationa foram marcados com o complexo 99mTc-hexametilpropilenoamina oxima (HMPAO. Os lipossomas pH-sensíveis furtivos marcados com 99mTc (99mTc-LpHS foram injetados em camundongos com infecção induzida por Staphylococcus aureus no músculo da coxa direita. Estudos de biodistribuição e imagem cintilográfica foram realizados em diferentes tempos após injeção do radiofármaco. Os 99mTc-LpHS foram

  12. Ultrastructural study on the morphological changes to male worms of Schistosoma mansoni after in vitro exposure to allicin Estudo ultraestrutural das alterações morfológicas de vermes machos de Schistosoma mansoni após exposição in vitro à alicina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Caliandra Maria Bezerra Luna Lima

    2011-06-01

    TODOS: Camundongos Swiss Webster foram infectados com cercárias de S. mansoni (100 por camundongo e sacrificados 50 dias depois para aquisição de vermes adultos. Estes vermes foram coletados por perfusão e colocados em meio RPMI 1.640 a 37°C antes de transferir para o meio RPMI contendo 0 (controle, 5, 10, 15 e 20mg/mL de alicina, onde eles foram incubados por 2h. Os vermes foram fixados em uma solução de glutaraldeído a 2,5%, lavados duas vezes, pós-fixados em tetróxido de ósmio, lavados duas vezes e então desidratados em séries crescentes de etanol. As amostras foram secadas, montadas em stubs, metalizadas em ouro e visualizadas utilizando o microscópio eletrônico de varredura. RESULTADOS: A concentração de 5mg/mL causou o enrugamento do tegumento; a concentração de 10mg/mL resultou em alterações nos tubérculos e perda ou modificações nos espinhos. Com 15 e 20mg/mL crescentes danos no tegumento pode ser visto, tais como formação de vesículas e presença de úlceras. CONCLUSÕES: Esses resultados demonstram os efeitos da alicina nos vermes adultos de S. mansoni e indicam que a maioria das alterações ocorrem numa concentração maior do que a normalmente indicada para o tratamento.

  13. Genotoxic action of the sesquiterpene lactone glaucolide B on mammalian cells in vitro and in vivo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Regislaine V. Burim

    1999-09-01

    Full Text Available Glaucolide B is a sesquiterpene lactone isolated from Vernonia eremophila Mart. (Vernonieae, Asteraceae and has schistosomicidal, antimicrobial and analgesic activities. This study examined the cytotoxic and clastogenic activities of glaucolide B in human cultured lymphocytes and in bone marrow cells from BALB/c mice. The mitotic index (MI and chromosomal aberrations were analyzed in both of the above systems, whereas sister chromatid exchanges (SCE and the proliferation index (PI were determined only in vitro. In human cultured lymphocytes, glaucolide B concentrations greater than 15 µg/ml of culture medium completely inhibited cell growth. At 4 µg/ml and 8 µg/ml of culture medium, glaucolide B significantly increased the frequency of chromosomal aberrations in lymphocytes and was also cytotoxic at concentrations ³8 µg/ml; there was no increase in the frequency of SCE. Glaucolide B (160-640 mg/kg did not significantly increase the frequency of chromosomal aberrations in mouse bone marrow cells nor did it affect cell division. Since glaucolide B showed no clastogenic action on mammalian cells in vivo but was cytotoxic and clastogenic in vitro, caution is needed in its medicinal use.O glaucolido B é uma lactona sesquiterpênica, g-lactona a,b-insaturada, isolada da Vernonia eremophila Mart. (Vernonieae, Asteraceae; apresenta atividade esquistossomicida e antimicrobiana, além de atividade analgésica. A aceitação de uma substância para uso medicinal também depende de dados sobre sua toxicidade, além de sua eficiência medicinal. Assim, o objetivo deste trabalho foi testar a atividade clastogênica e citotóxica do composto glaucolido B in vitro e in vivo, utilizando linfócitos em cultura temporária e células da medula óssea de camundongos BALB/c, respectivamente. Analisaram-se o índice mitótico (MI e as aberrações cromossômicas nos sistemas in vitro e in vivo, e trocas entre cromátides irmãs (SCE e índice proliferativo (PI

  14. Constituintes químicos e estudos toxicológicos do óleo essencial extraído das folhas de Citrus limon Burn (Rutaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L.M.L. Campelo

    2013-01-01

    Full Text Available A caracterização química do óleo essencial de folhas de Citrus limon (Rutaceae resultou na identificação de mistura de monoterpenos (limoneno, linalol, cis-óxido de limoneno, trans-óxido de limoneno, citronelal, neral, geranial, nerol e acetato de geranil. As estruturas dos compostos do óleo essencial foram identificadas por GC/MS, por comparação com dados da literatura. Os efeitos da administração crônica oral do óleo essencial de folhas de Citrus limon foram investigados sobre parâmetros bioquímicos e hematológicos em camundongos Swiss machos. Os animais (n = 10/grupo foram tratados por via oral diariamente durante 30 dias com óleo essencial de folhas de Citrus limon, nas doses de 50, 100 ou 150 mg kg-1 de massa corporal e os parâmetros bioquímicos e hematológicos avaliados. O tratamento não causou nenhuma morte ou toxicidade nos animais. A administração do óleo essencial não alterou os parâmetros bioquímicos e hematológicos e a massa dos órgãos, exceto por diminuição de 21 e 11% em uréia e ácido úrico, respectivamente, e 9%, nos níveis plasmáticos de aspartato transaminase (AST. Para os parâmetros hematológicos, houve pequenas mudanças nas contagens de neutrófilos, linfócitos, eosinófilos e monócitos, mas estes não foram diferentes dos valores de referência. Além disso, houve diminuição significativa nos triglicerídeos detectado nos animais tratados com dose de 150 mg kg-1 de óleo essencial. Em conclusão, a administração crônica de óleo essencial não induziu nenhum efeito de risco na maioria dos parâmetros bioquímicos e hematológicos estudados em camundongos Swiss machos. No entanto, a diminuição dos níveis de uréia e ácido úrico em doses elevadas, sugere um possível efeito de insuficiência renal e aumento no teor de AST, sugerindo possível sobrecarga hepática que deve ser investigada com mais detalhe.

  15. Larvicidal activity of the water extract of Moringa oleifera seeds against Aedes aegypti and its toxicity upon laboratory animals

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo M.P. Ferreira

    2009-06-01

    Full Text Available In this work, biological effects of the water extract of Moringa oleifera seeds (WEMOS were assessed on eggs and 3rd instar larvae of Aedes aegypti and on its toxicity upon laboratory animals (Daphnia magna, mice and rats. Crude WEMOS showed a LC50 value of 1260µg/mL, causing 99.2 ± 2.9% larvae mortality within 24 h at 5200µg/mL, though this larvicidal activity has been lost completely at 80ºC/10 min. WEMOS did not demonstrate capacity to prevent egg hatching. After extensive dialyses of the crude WEMOS into watersoluble dialyzable (DF and nondyalizable (NDF fractions, only DF maintained its efficacy to kill larvae. Acute toxicity evaluations on daphnids (EC50 of 188.7µg/mL and mice (LD50 of 446.5 mg/kg body weight pointed out to low toxicity. Despite the thymus hypertrophy, WEMOS revealed to be harmless in orally and subacutelytreated rats. In conclusion, WEMOS has thermostable bioactive compounds against Ae. aegypti larvae with apparent molecular mass lower than 12 kDa and moderately toxic potential.Neste trabalho, o extrato aquoso das sementes de Moringaoleifera (EASMO foi avaliado quanto aos seus efeitos biológicos sobre ovos e larvas de Aedes aegypti no 3ºestágio de desenvolvimento e sua toxicidade sobre animais de laboratório(Daphnia magna, camundongos e ratos. O EASMO bruto revelou uma CL50 de 1.260 µg/mL, causando 99, 2 ± 2, 9% de mortalidade em 24 h na concentração de 5.200 µg/mL, embora o mesmo não tenha sido capaz de impedir a eclosão dos ovos. A atividade larvicida extinguiu-se após aquecimento do extrato a 80ºC/10 min. Diálises sucessivas do EASMO bruto resultaram em duas frações solúveis em água (Fração dializável, FD; Fração nãodializável, FND, dentre as quais apenas a FD mostrou ação larvicida. Testes de toxicidade aguda realizadosem dáfnias (CE50 de 188, 7 µg/mL e camundongos (DL50 de446,5 mg/kg de peso corpóreo evidenciaram baixa toxicidade. Apesar da hipertrofia tímica, o EASMO mostrou ser

  16. Avaliação da atividade antiinflamatória do coentro (Coriandrum sativum L. em roedores Evaluation of the anti-inflammatory activity of coriander (Coriandrum sativum L. in rodents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    G Zanusso-Junior

    2011-01-01

    Full Text Available Coriandrum sativum L. (Umbelliferae, conhecido popularmente por coentro, é uma planta doméstica cultivada nas diversas partes do mundo, inclusive no Brasil. As folhas e frutos do coentro são utilizados como condimento em culinária e na medicina popular como analgésica, antirreumática, carminativa e colagoga. O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito do tratamento com o óleo essencial (OEC e o extrato hidroalcóolico (EHC do coentro em modelos experimentais de inflamação em roedores. A atividade antiinflamatória do coentro foi avaliada por meio dos testes de pleurisia em ratos e formação do edema de orelha em camundongos. A pleurisia foi induzida pela carragenina em animais tratados ou não com EHC. O edema de orelha induzido pela aplicação tópica de óleo de cróton e a atividade da mieloperoxidase foi avaliada em camundongos tratados ou não com OEC ou EHC. No teste da pleurisia o tratamento com EHC promoveu significativa diminuição no edema pleural, mas não sobre a migração leucocitária. Além disso, diferentemente ao observado com o tratamento com OEC, o uso tópico de EHC diminui significativamente o edema de orelha e a migração celular induzidos pela aplicação do óleo de cróton. Os dados indicam que EHC apresenta atividade antiinflamatória quando administrado pelas via oral e tópica, enquanto que OEC não apresenta atividade antiinflamatória tópica.Commonly known as coriander, Coriandrum sativum L. (Umbelliferae is a home plant grown in several parts of the world, including Brazil. Its leaves and fruits have been used as condiment in cooking and in folk medicine as analgesic, antirheumatic, carminative and cholagogue. The aim of this study was to evaluate the effect of essential oil (EO and hydroalcoholic extract (HE from coriander on experimental inflammation models in rodents. Coriander anti-inflammatory activity was evaluated by pleurisy tests in rats and ear edema formation in mice. Pleurisy was induced

  17. Biological aspects of the DM28C clone of Trypanosoma cruzi after metacylogenesis in chemically defined media Aspectos biológicos do clone Dm 28c de Trypanosoma cruzi após metaciclogênese em meio quimicamente definido

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Victor T. Contreras

    1988-03-01

    Full Text Available The biological characterization of the Trypanosoma cruzi clone Dm 28c in terms of its growth in LIT medium, cell-cycle, infectivity to mice and interaction with professional and non-professional phagocytic cells shows that it behaves as a bona fide T. cruzi representant. The biological properties of this myotropic clone do not change according to the origin of the trypomastigote forms (i. e., from triatomines, infected mice, cell-culture or from the chemically defined TAUP and TAU3AAG media. In addition Dm 28c metacyclic trypomastigotes from TAU3AAG medium display a high infectivity level to fibroblasts and muscle cells. Experiments on binding of cationized ferritin to trypomastigotes surface show the existence of cap-like structures of ferritin in regions near the kinetoplast. However the nature and role of these anionic sites remain to be determined. The results indicate that metacyclic trypomastigotes from Dm 28c clone obtained under chemically defined conditions reproduce the biological behaviour of T. cruzi, rendering this system very suitable for the study of cell-parasite interactions and for the isolation of trypanosome relevant macromolecules.A caracterização biológica do clone Dm 28c de Trypanosoma cruzi em termos do seu crescimento em meio LIT, ciclo celular, infectividade para camundongos e interação com células fagocíticas profissionais e não-profissionais, mostra que o mesmo comporta-se como um fiel representante da espécie T. cruzi. As propriedades biológicas deste clone miotrópico não mudam de acordo com a proveniência das formas tripomastigotas (i. e., de triatomíneos, de camundongos infectados, de cultura celular ou dos meios quimicamente definidos TAUP e TAU3AAG. Ainda mais, formas tripomastigotas metacíclicas do clone Dm 28c derivado do meio TAU3AAG apresentam um alto grau de infectividade para fibroblastos e células de músculo. Experimentos de ligação de ferritina cationizada à superfície de

  18. Serial heart rate changes in rats inoculated by conjunctival instillation of Trypanosoma cruzi obtained from bug faeces Alterações do ritmo cardíaco de ratos infectados pela via conjuntival por Trypanosoma cruzi obtidos de fezes de triatomíneos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adalinda Ollarves

    2000-12-01

    Full Text Available The cardiac effects of experimentally induced myocarditis, when the parasite is obtained from mouse blood, are well known. However, the consequences of the infection when the parasites are obtained from bug faeces are less well defined. In the present investigation, we have used the "Y" strain of Trypanosoma cruzi, which was maintained in Rhodnius prolixus by repeated passages in mice. The faeces of 30 infected bugs were collected, the number of parasites counted and 4,000 parasites inoculated by the conjunctival route in 60 rats. Twenty-nine other rats received faeces from noninfected bugs (sham-inoculated controls and 40 were used as normal controls. The heart rate of the three groups of animals was recorded under general anesthesia with ether. The heart rate, at day 0 pre-inoculation, was similar in the three groups of animals (Controls: 379 ± 27 beats/min Mean ± SD; Sham-inoculated: 366 ± 31; Infected: 351 ± 29 (p> 0.05. In the infected animals, the mean heart rate began to increase significantly by day 12 following infection (375 ± 31, reaching the highest values between days 18 (390 ± 33 and 21 (403 ± 33 and returned to baseline by day 30 (359 ± 28 (pOs efeitos da miocardite chagásica experimental, produzida por Trypanosoma cruzi proveniente do sangue de camundongos são bem conhecidos. O mesmo não ocorre quando a inoculação é feita com Trypanosoma cruzi proveniente de fezes do vetor. No presente estudo, usamos a variedade "Y" do Trypanosoma cruzi mantida em Rodhnius prolixus por repetidas passagens em camundongos. As fezes de 30 insetos parasitados foram coletadas e contados os parasitas. O estudo foi