WorldWideScience

Sample records for analise dos riscos

  1. Analise de risco e retorno: o índice “beta" como medida de risco sistemático

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luzia Maria Mazzeo

    1988-08-01

    Full Text Available This study shows the validity of the index "beta" as a measure of systematic risk in financial markets. It discusses the theoretical model of asset valuation and the close correlation between asset prices and their risk levels. O presente estudo mostra a validade do índice "beta" como medida de risco sistemático no mercado financeiro. Discute-se modelo teórico de avaliação de ativos -CAPM -e a estreita correlação existente entre os preços dos ativos e seus respectivos níveis de risco.

  2. Vulnerabilidades e risco em saúde: percepção dos idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tuanna Agne

    2016-10-01

    Full Text Available Objetivo: conhecer as percepções dos idosos referentes às vulnerabilidades e riscos de saúde a que estão expostos. Método: trata-se de uma pesquisa exploratória descritiva, através de entrevista semiestruturada, composta por uma questão fechada e três questões abertas. Participaram da entrevista 25 idosos, no município de Caxambu do Sul, SC. Resultados: predominou o sexo feminino, faixa etária entre 60 e 69 anos e escolaridade de nível fundamental incompleto. Quanto à percepção dos riscos, o agrotóxico, a aposentadoria insuficiente, distúrbios alimentares e trabalho forçado foram predominantes nas categorias. Todos os participantes referiram ter pelo menos uma doença crônica. Considerações finais: na percepção dos idosos, as vulnerabilidades e riscos à saúde a que estão expostos são: a risco ambiental (agrotóxico; b risco socioeconômico (aposentadoria insuficiente e gasto com medicação; c risco nutricional (distúrbios digestórios; d risco ocupacional (trabalhos forçados. Foi possível perceber que os idosos apresentam uma concepção ampliada de saúde, não a considerando como mera ausência de doenças, mas identificando a influência de diversos aspectos biológicos, psicológicos, sociais, políticos e econômicos relacionados ao risco em saúde.

  3. Saúde sexual dos adolescentes : conhecimentos riscos e mitos

    OpenAIRE

    Antunes, Maria Inês Araújo

    2012-01-01

    Trabalho final de mestrado integrado na área científica de Medicina Geral e Familiar, apresentado á Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra Introdução: A saúde sexual é parte importante da saúde e desenvolvimento dos jovens, sendo os comportamentos sexuais e seus riscos um importante aspeto de saúde pública. O presente artigo visa avaliar as fontes de informação e mitos sobre sexualidade e o risco de infeção por ISTs e gravidez não planeada nos adolescentes. Materiais ...

  4. Estigmatização e Riscos no Trabalho dos Necrotomistas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Frankleudo Luan de Lima Silva

    Full Text Available RESUMO Este artigo objetivou compreender de que maneira a estigmatização é vivenciada por necrotomistas e a relação que eles desenvolvem com os riscos de sua atividade. Quanto à teoria, utilizaram-se os conceitos de estigma e risco, articulando-os com elementos da Psicodinâmica do Trabalho. Metodologicamente, combinaram-se entrevistas semiestruturadas individuais e observações na sala de necropsias. Para a análise dos dados, a opção foi pela análise de conteúdo temática. Participaram deste estudo os necrotomistas do Departamento de Medicina Legal de uma capital do Nordeste brasileiro. Evidenciou-se que a intensa estigmatização está associada ao desconhecimento popular sobre sua atividade e à natureza de seu trabalho. A relação dos necrotomistas com os riscos, inclusive aqueles produzidos pela vivência do estigma, está mediada por um uso intensivo de estratégias defensivas que podem não contribuir para transformar positivamente as situações de trabalho.

  5. Riscos ocupacionais de uma indústria calçadista sob a ótica dos trabalhadores

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Reinher da Luz

    2013-02-01

    Full Text Available O estudo teve como objetivo identificar os riscos ocupacionais de uma indústria calçadista sob a ótica dos trabalhadores, bem como as medidas preventivas adotadas por eles contra os riscos. Realizou-se um estudo qualitativo, descritivo. A amostra foi composta por quinze trabalhadores. Os dados foram coletados por entrevista semiestruturada e analisados à luz da análise de conteúdo. Foram respeitados os aspectos éticos e a pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul. Os resultados apontam que os trabalhadores são conhecedores dos riscos do seu processo de trabalho, faziam uso de medidas de proteção individual e a empresa disponibilizava dispositivos de segurança, informando e realizando, periodicamente, visitas aos setores, na perspectiva de desenvolver ações educativas.

  6. Modelo etiológico dos comportamentos de risco para os transtornos alimentares em adolescentes brasileiros do sexo feminino

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo de Sousa Fortes

    2016-01-01

    Full Text Available Resumo: O objetivo foi construir um modelo etiológico dos comportamentos de risco para os transtornos alimentares em adolescentes brasileiros do sexo feminino. Participaram 1.358 adolescentes de quatro cidades. Foram avaliados os comportamentos de risco para os transtornos alimentares, insatisfação corporal, pressões midiáticas, autoestima, estado de humor, sintomas depressivos e perfeccionismo por intermédio de escalas psicométricas. Peso, estatura e dobras cutâneas foram aferidos para calcular o índice de massa corporal (IMC e o percentual de gordura (%G. O modelo de equação estrutural explanou 76% da variância dos comportamento de risco (F(9, 1.351 = 74,50; p = 0,001. Os achados indicaram que a insatisfação corporal mediou a relação entre as pressões midiáticas, autoestima, estado de humor, IMC, %G e os comportamentos de risco (F(9, 1.351 = 59,89; p = 0,001. Vale destacar que embora os sintomas depressivos não tenham se relacionado com a insatisfação corporal, o modelo indicou relação direta com os comportamentos de risco para os transtornos alimentares (F(2, 1.356 = 23,98; p = 0,001. Concluiu-se que somente o perfeccionismo não aderiu ao modelo etiológico dos comportamentos de risco para os transtornos alimentares em adolescentes brasileiras.

  7. APLICAÇÃO DO METODO DE ANÁLISE HIERARQUICA (MAH NA ANALISE E AVALIAÇÃO DE IMPACTOS AMBIENTAIS DOS SISTEMAS DE TRANSPORTES URBANOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dominique Mouette

    2010-04-01

    Full Text Available

    O estudo de impacto ambiental envolve uma grande quantidade de critérios e parâmetros, sendo necessário o trabalho conjunto de uma equipe multidisciplinar. A complexidade dos impactos decorrentes dos sistemas de transporte urbanos que possuem características e magnitudes muito diferentes, somada a não obrigatoriedade do estudo, fizeram com que poucos estudos fossem efetuados e tornou evidente a necessidade de metodologias de avaliação dos mesmos. Este estudo aborda a utilização do Método de Analise Hierárquica, um procedimento multicriterial na analise e avaliação dos impactos ambientais dos sistemas de transportes urbanos.

    ABSTRACT

    The study of environmental impacts involves a large amount of criteria and parameters being necessary to work with a multisciplinary team. The impacts due to urban transportation are very complex having different characteristics and magnitude, besides that, in Brazil, these studies are not obliged by law. These facts leads to few studies of the environmental impacts and evidences the necessity of developing methodologies which makes possible the impact's evaluation. This study refers to the utilization of the Analytical Hierarchy Process, a multicriteria procedure in the evaluation and analysis of environmental impacts in urban transportation.

  8. Custos de bem-estar dos impostos sob risco de default soberano

    OpenAIRE

    Renata Rizzi

    2007-01-01

    Esta dissertação apresenta um modelo de equilíbrio geral dinâmico, com serviço contingente da dívida soberana, construído para analisar os impactos dos impostos sobre o bem-estar. Neste modelo, variações na estrutura tributária (oriundas de reformas) afetam o bem-estar dos agentes de forma direta, em decorrência de distorções alocativas, e também por meio de seus efeitos indiretos sobre o risco de default da dívida soberana. Avalia-se, quantitativamente, para o caso brasileiro, os custos de b...

  9. CONHECIMENTO DOS TRABALHADORES DA INDÙSTRIA METAL-MECÂNICA SOBRE FATORES DE RISCO PARA DOENÇA ARTERIAL CORONARIANA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvia Bohrer Oliva

    2011-01-01

    Full Text Available RESUMO: Objetivo: identificar o conhecimento dos trabalhadores da indústria metalmecânica em relação aos fatores de risco para doença arterial coronariana (DAC e às atitudes voltadas a sua prevenção. Métodos: estudo com delineamento transversal, realizado com um grupo de trabalhadores da indústria metal-mecânica do sul do Brasil. A amostra foi por conveniência. Os dados foram coletados por meio de um questionário e verificação de medidas antropométricas. Análise descritiva. Resultados: foram incluídos 100 trabalhadores, com idade média de 29,0+10,16 anos, 66% homens. A obesidade foi considerada como fator de risco para DAC por 94% dos trabalhadores, a hipertensão arterial por 88% e hipercolesterolemia por 80%. Em relação às atitudes para prevenção da DAC, 51% da amostra referiram praticar atividade física. Conclusão: a maioria dos entrevistados conhece os principais fatores de risco para DAC. Contudo, as atitudes voltadas à prevenção ainda são limitadas.

  10. Acurácia dos indicadores de risco do Programa de Defesa da Vida dos Lactentes em região do Estado de São Paulo, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Davi Rumel

    1992-02-01

    Full Text Available O Programa de Desfesa da Vida dos Lactentes da Secretaria de Higiene e Saúde do Munícipio de Bauru tem um critério diagnóstico para a inclusão de recém-nascidos dentro do programa. Este critério é formado pela combinação de 11 indicadores clínicos e sociais de risco à mortalidade infantil de fácil obtenção no momento do parto. Decidiu-se propor um critério diagnóstico alternativo, a partir dos mesmos indicadores clínicos e sociais, com maior sensibilidade para a mesma proporção de crianças matriculadas no Programa. Os dados hospitalares foram coletados no período de 11 de maio de 1986 a 10 de novembro de 1987. A mortalidade compreende o período entre 7 dias e 6 meses, que é o período de seguimento das crianças pelo Programa. Calculou-se para cada indicador o risco relativo bruto numa análise univariada e o risco relativo ajustado pela técnica de regressão logística. Criou-se um sistema de pontuação baseado na somatória dos excessos de risco de cada indicador.

  11. Genes relacionados ao metabolismo dos fosfolípides como fatores de risco para o transtorno afetivo bipolar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Meira-Lima Ivanor V

    2003-01-01

    Full Text Available Os estudos de epidemiologia genética fornecem consistente evidência de que o componente genético tem um papel preponderante no risco para o Transtorno Afetivo Bipolar (TAB, embora genes de vulnerabilidade ainda não tenham sido identificados de forma inequívoca. Nesta atualização os autores apresentam dados demonstrando que os fosfolípides exercem um relevante papel nos processos de sinalização intracelular e que estudos da neuroquímica dos estabilizadores do humor convergem em apontar para uma ação destas drogas nas vias de transdução de sinais reguladas pelas fosfolipases. Concluem que investigações de variantes nos genes que codificam enzimas do metabolismo dos fosfolípides como potenciais genes de susceptibilidade podem ampliar o conhecimento acerca dos fatores de risco e dos mecanismos fisiopatológicos envolvidos no surgimento destes transtornos do humor.

  12. Análise dos fatores de riscos ocupacionais do trabalho de enfermagem sob a ótica dos enfermeiros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nei Santos Duarte

    Full Text Available Estudo com abordagem quantitativa e descritiva, com objetivo de identificar, na percepção dos enfermeiros chefes de unidades de internação de um hospital universitário, os riscos ocupacionais a que estão expostos. A população foi composta de 30 enfermeiros, chefes de unidade de internação. Na coleta de dados, utilizou-se um questionário estruturado proposto no Guia de Avaliação de Riscos nos Locais de Trabalho de Boix e Vogel (1997, adaptado para a aplicação em estabelecimentos de saúde por Mauro (2001. Os resultados evidenciaram que os fatores de riscos atuam sobre os trabalhadores, propiciando um ambiente desfavorável para a realização das atividades, podendo comprometer a saúde e a vida profissional destes. As variáveis predominantes foram o ambiente e a manutenção preventiva inadequados e os equipamentos de proteção individual e coletiva insuficientes e/ou inadequadamente utilizados pelos profissionais, constrangimentos ergonômicos pela manipulação de carga e postura corporal inadequadas na realização das tarefas, e ritmo de trabalho acelerado pela falta de recursos material e humano. Ressalta-se que a pesquisa proporcionou um diagnóstico referente aos riscos presentes nos ambientes de trabalho da enfermagem, proporcionando um modo operatório eficaz com menor risco de acidentes no processo de trabalho, ambientes menos insalubres e maior satisfação para o profissional e os clientes.

  13. Prevalência dos fatores de risco para diabetes mellitus de servidores públicos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carla Campos Muniz Medeiros

    2012-09-01

    Full Text Available Este estudo objetivou verificar a prevalência dos fatores de risco para diabetes mellitus tipo 2 de servidores públicos, e relacionar os fatores de risco segundo as variáveis, sexo e glicemia. Participaram 65 sujeitos, mediante um questionário, e aferiram-se: pressão arterial, peso corporal, altura, índice de massa corpórea, circunferência abdominal e glicemia capilar de jejum. Utilizaram-se análise de variância e qui-quadrado. Os fatores de risco mais prevalentes foram: índice de massa corpórea alterado (66,1%, idade>45 anos (64,6%, circunferência abdominal alterada (61,5% e sedentarismo (61,5%. Observou-se associação entre a pressão arterial e a glicemia capilar de jejum alterada (p=0,01. Os homens apresentaram maior prevalência de glicemia capilar de jejum alterada (p<0,035 e índice de massa corpórea alterado (p<0,007. Conclui-se que os fatores de risco para o diabetes mellitus tipo 2 possuem elevada prevalência na população estudada, refletindo um estilo de vida inadequado para a prevenção desta doença.

  14. Trópicos do discurso sobre risco: risco-aventura como metáfora na modernidade tardia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mary Jane P. Spink

    Full Text Available Este artigo tem como objetivo situar as novas modalidades de uso dos repertórios interpretativos sobre risco, especialmente no que se refere à perspectiva da aventura. Propõe que, como aventura, a linguagem do risco cumpre atualmente funções múltiplas, sendo tanto um anteparo aos processos de destradicionalização típicos da modernidade tardia, como uma figura de linguagem utilizada para falar de novas sensibilidades decorrentes do imperativo de enfrentar a imponderabilidade e volatilidade dos riscos modernos. Inicia com uma visão panorâmica dos sentidos históricos do risco buscando argumentar que a noção, entendida na perspectiva da linguagem em uso, permite explorar as mudanças que vêm ocorrendo nas formas de controle social que nos possibilitam falar de uma transição da sociedade disciplinar, formação típica da modernidade clássica, para a sociedade de risco, formação emergente na modernidade tardia. Finaliza apontando para as transformações que vêm ocorrendo nas imagens sobre risco, buscando destacar o uso crescente do risco-aventura como metáfora da modernidade tardia.

  15. VULNERABILIDADE E RISCO À CONTAMINAÇÃO DOS SOLOS DA ÁREA DE RECARGA DO AQUÍFERO GUARANI NO ESTADO DE GOIÁS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thaís Moreira Alves

    2009-06-01

    Full Text Available Este trabalho tem como objetivo apresentar a estimativa da vulnerabilidade natural e risco dos solos à contaminação nas áreas de recarga do Aqüífero Guarani, no sudoeste do Estado de Goiás (SAG/GOIÁS. Para estabelecer as classes de vulnerabilidade desses solos utilizou-se de técnicas de SIG, cruzando-se os mapas de declividade dos terrenos com o de solos, o de condutividade hidráulica e o de uso do solo, todos na mesma escala, obtendo-se as classes de vulnerabilidade e de risco. Avaliou-se que 45% das áreas de recarga do aqüífero possuem vulnerabilidade muito alta e 47% são consideradas da classe alta, juntas somando mais de 90% da área total de recarga do aqüífero no Estado de Goiás. Calculou-se que 32,8% apresentam alto risco e 27,5% apresentam muito alto risco somado 60% do total da área. Concluiu-se que a vulnerabilidade e risco da área de recarga do SAG em Goiás são elevados e por isso inspiram cuidados, sobretudo preventivos, com o uso, manejo e conservação dos solos.

  16. Consumo de alcool e risco para doenca coronariana na regiao metropolitana de Sao Paulo: uma analise do Projeto GENACIS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Cristina Pereira Lima

    2013-03-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Examinar a associação entre consumo de álcool e risco para doença coronariana em amostra populacional. MÉTODOS: Estudo transversal, de base populacional, conduzido de janeiro/2006 a junho/2007, na região metropolitana de São Paulo, como parte do estudo internacional (Gender, Alcohol, and Culture: an International Study. Os sujeitos (1.501, sendo 609 homens e 892 mulheres eram residentes da região metropolitana de São Paulo, tinham 30 anos ou mais de idade e foram selecionados aleatoriamente, a partir de amostragem complexa por conglomerados. Todos os indivíduos consentiram em participar da pesquisa. A variável dependente foi risco cardíaco avaliado através do WHO Rose Angina Questionnaire. A análise multivariada consistiu em regressão logística, tendo sido realizado ajuste para uso de tabaco e índice de massa corpórea. RESULTADOS: A taxa de resposta foi 75%. Ser mulher, ter mais idade, ser negro, fumante e ter um índice de massa corpórea elevado, foram associados a maior risco para doença coronariana. Indivíduos que nunca beberam na vida (OR = 2,22 e ex-bebedores (OR = 2,42 tiveram maior risco de doença cardíaca do que aqueles que informaram beber até 19 g de álcool por dia, sem episódios de beber excessivo. Entre os que tiveram episódios de embriaguês observou-se uma tendência a maior risco (OR = 3,95, p = 0,09. CONCLUSÕES: Nossos achados sugerem um menor risco para doença coronariana entre os bebedores moderados. Destaca-se que os estudos que avaliam o impacto do álcool sobre doença cardíaca precisam identificar o padrão de uso de álcool dos sujeitos, visto que este aspecto pode modificar o risco. Políticas públicas são necessárias para reduzir o uso nocivo de álcool e a morbidade a ele relacionada no país.

  17. Avaliação dos riscos de acidentes em atividades de poda de árvores na arborização urbana do distrito federal

    OpenAIRE

    Fiedler,Nilton César; Sone,Eduardo Hideki; Vale,Ailton Teixeira do; Juvêncio,José de Fátima; Minette,Luciano José

    2006-01-01

    Esta pesquisa teve por objetivo avaliar os riscos de acidentes em atividades de poda de árvores na arborização urbana do Distrito Federal. A coleta de dados foi feita com a aplicação de um questionário em forma de entrevista individual. Responderam ao questionário 94% dos funcionários, sendo 92% do total dos operadores de motosserra e 95% do total de auxiliares. Além disso, foi realizada uma avaliação qualitativa do risco de acidentes nas máquinas e equipamentos de poda e nos veículos de tran...

  18. O cooperativismo e a gestão dos riscos de mercado: análise da fronteira de eficiência do agronegócio paranaense

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vilmar Rodrigues Moreira

    2012-03-01

    Full Text Available O artigo discute a gestão dos riscos de mercado do agronegócio, a influência das cooperativas agroindustriais nesta prática e avalia o portfólio de produção de commodities agropecuárias do Paraná, considerando a relação retorno-risco. Por meio da construção de uma fronteira de eficiência foi possível verificar quais seriam as mudanças necessárias no portfólio de produção do estado visando à eficiência econômica (definida neste trabalho como o trade-off entre retorno e risco. O artigo também avalia o grau de participação das cooperativas agroindustriais na produção dos itens considerados no modelo e quais as possíveis influências que este tipo de organização poderia exercer nas alterações das preferências de produção. Por meio de questionários e entrevistas com gestores de cooperativas foi avaliada a disposição em incentivar mudanças nos portfólios de produção das cooperativas e dos cooperados. Verificou-se que os principais motivos que influenciam as decisões sobre produção estão relacionados a aspectos econômicos e racionais, como foco estratégico da cooperativa e resistências dos cooperados. No contexto paranaense, os motivos relacionados a aspectos políticos ou sociais, inerentes às características organizacionais das cooperativas, não exercem influência significativa nas decisões sobre diversificação como instrumento para a gestão dos riscos de mercado.

  19. Riscos e vulnerabilidade socioambiental urbana: uma perspectiva a partir dos recursos hídricos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco Mendonça

    2009-03-01

    Full Text Available A intensificação da urbanização na ultima etapa da modernidade gerou inúmeros problemas relacionados à qualidade e condições de vida humana nas cidades. No âmbito dos países não desenvolvidos estes problemas tomam maior magnitude que nos desenvolvidos, gerando consideráveis desafios à gestão socioambiental das áreas urbanas. O problema da qualidade da água e da gestão dos recursos hídricos aparece como um dos mais graves da sociedade contemporânea, notadamente em países como o Brasil, cujos rios urbanos encontram- se altamente degradados em sua grande maioria. A associação entre os perigos, os riscos e a vulnerabilidade socioambiental, quando enfocados na perspectiva da interação entre os recursos hídricos e a sociedade urbana, torna-se muito importante, constituindo-se no enfoque central do presente texto. Nesse contexto, a questão da escassez de água no ambiente urbano brasileiro é abordada e a problemática é explorada.

  20. Prevalência dos fatores de risco para doença cardiovascular em funcionários do Centro de Pesquisas da Petrobras

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Matos Maria de Fátima Duarte

    2004-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Determinar a prevalência de fatores de risco para doença cardiovascular em funcionários do Centro de Pesquisas da Petrobras. MÉTODOS: Em estudo descritivo transversal, foram avaliados clínica e laboratorialmente, de março de 2000 e fevereiro de 2001, empregados do Centro de Pesquisas da Petrobras, tendo sido excluídos os que não compareceram à realização do exame médico periódico anual de 2000. Calculados o percentual da ocorrência dos fatores de risco e a média e o desvio padrão das variáveis bioquímicas, da pressão arterial e do índice de massa corpórea. RESULTADOS: De um total de 1.191 empregados, foram estudados 970, sendo 75,4% homens e 24,6% mulheres, com idade média de 42,2 anos. A prevalência de fatores de risco foi o sedentarismo (67,3%, o colesterol > 200 mg/dl (56,6%, o sobrepeso (42%, a obesidade (17%, a hipertensão arterial (18,2%, o tabagismo (12,4% e o diabetes mellitus (2,5%. CONCLUSÃO: A elevada prevalência de fatores de risco para doença cardiovascular, em indivíduos jovens, alerta para a necessidade de adoção de programas de promoção de saúde e prevenção de doenças no ambiente de trabalho.

  1. Prevalência de dislipidemias e fatores de risco associados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lorena Braz de Oliveira

    2017-10-01

    Full Text Available Introdução: A dislipidemia caracteriza-se pela elevação dos níveis plasmáticos de colesterol de baixa densidade (LDL-c, redução dos níveis de colesterol de alta densidade (HDL-c e/ou aumento de triglicérides (TG. Essas alterações evidenciam o risco para doenças cardiovasculares (DCV e uma alta probabilidade de ocorrência de morte por eventos coronarianos. Objetivo: Avaliar a prevalência de dislipidemia e fatores de risco associados em pacientes ambulatoriais do hospital universitário da Universidade Federal do Piauí. Métodos: Trata-se de um estudo transversal, no qual a amostra foi constituída por 124 pacientes. Foram analisados os principais fatores de risco modificáveis: sobrepeso e sedentarismo, e não modificáveis: idade e sexo. Resultados: Foram selecionados 137 pacientes para participarem do estudo, porém 13 foram excluídos, pois apresentavam dados incompletos, permanecendo 124 pacientes. Os fatores de risco modificáveis mais prevalentes no estudo foram sobrepeso (75,86% nos homens com dislipidemia e 84,48% nas mulheres com dislipidemia. O sedentarismo foi observado em 69% dos homens com dislipidemia e 61% das mulheres com dislipidemia. Os fatores de risco associados à dislipidemia foram a hipertensão, o diabetes mellitus e o tabagismo. Conclusões: A partir da realização deste estudo foi possível concluir que a maioria dos pacientes não tinha conhecimento prévio de seu perfil lipídico; a dislipidemia mais prevalente foi a hipertrigliceridemia isolada e o fator de risco mais prevalente foi o sobrepeso. Faz-se necessário o maior acompanhamento desses pacientes, aconselhando-os em relação a seus hábitos de vida para que possam ter uma melhor qualidade de vida.

  2. O biopoder e a gestão dos riscos nas sociedades contemporâneas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Vieira Caliman

    Full Text Available Tendo em vista as transformações no tecido social moderno e nos elementos do biopoder, característico deste período histórico, este artigo visa a contribuir com a reflexão acerca da dinâmica do poder sobre os corpos e sobre a vida na atualidade. Argumenta-se, baseando-se em estudos foucaultianos, que a centralidade da gestão dos riscos no mundo contemporâneo intensifica, não sem alterar, aspectos fundamentais do biopoder moderno. As políticas de assistência social brasileiras e as transformações no cenário da saúde pública, centradas na noção de risco, são analisadas como dispositivos de governo. Discute-se também como nesse processo a vida se torna, ao mesmo tempo, alvo de controle e espaço de resistência. Conclui-se que a análise das novas formas de subjetivação resultantes da integração do capital e da nova tecnologia do risco é fundamental na construção de uma nova estilística da existência e na criação de novos parâmetros analíticos para nossa atualidade. A nova situação abrange fatores complexos, contraditórios e em constante tensão, sendo possível falar da criação de uma infinidade de novos lugares de negociação, de poder, de alívio ou de desencadeamento do sofrimento, que necessitam da criação de outras mentalidades de análise.

  3. Transparência das Informações Contábeis: Uma Análise dos Fatores de Riscos Citados por Empresas Brasileiras

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edson Luiz Riccio

    2009-10-01

    Full Text Available As profundas transformações ocorridas na economia na década de 1970, principalmente após o rompimento do acordo de Bretton Woods, provocaram um aumento na volatilidade do preço dos ativos e, como conseqüência, as recorrentes crises observadas no mercado financeiro internacional a partir de então. Isto despertou um interesse crescente dos investidores e pesquisadores pela análise do risco, particularmente pelas pesquisas desenvolvidas por Markowitz na década de 1950. Diversas técnicas mais recentes foram desenvolvidas merecendo destaque a do VAR (Value At Risk, amplamente utilizada atualmente pelos participantes do mercado financeiro e pelos bancos centrais de diversos países, inclusive do Brasil. Este artigo tem por objetivo avaliar o grau de transparência com que os fatores de risco são evidenciados nos relatórios contábeis anuais das empresas de capital aberto que têm seus títulos negociados no mercado brasileiro. Adota-se neste trabalho a definição de Holton para fatores de risco transcrita a seguir: “Um fator de risco é qualquer variável aleatória Qi cujo valor será realizado durante o intervalo (0,1] e irá afetar o valor de mercado de uma carteira (de investimentos, no tempo 1”. (HOLTON, 2003, p. 41. Esta preocupação está relacionada à importância da contribuição da Contabilidade para a eficiência dos mercados financeiros, cabendo observar que, conforme Iudícibus (2000, p. 28, o objetivo principal da Contabilidade é “[...] fornecer informação econômica relevante para que cada usuário possa tomar suas decisões e realizar seus julgamentos com segurança.” Esta definição, no que se refere à relevância da informação, pode ser complementada com a afirmação de Hendriksen e Breda (1999, p. 97 que salientam que “para que os dados contábeis sejam relevantes, devem proporcionar ou permitir predições de objetos ou eventos futuros.”

  4. Saúde & Segurança Ocupacional: reflexões sobre os riscos potenciais e o manuseio seguro dos nanomateriais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guilherme Frederico Bernardo Lenz e Silva

    2013-11-01

    Full Text Available A cada dia a nanotecnologia, que pode ser definida como um campo multidisciplinar da ciência e da tecnologia que trabalha com estruturas de dimensões nanométricas, tipicamente <100 nanômetros (nm, está mais presente no desenvolvimento de novos produtos e processos industriais. A manipulação de partículas nanométricas tem aberto inúmeras oportunidades de desenvolvimento de novos produtos e materiais. Porém, a síntese, manuseio, estocagem, estabilização e a incorporação de materiais com dimensões nanométricas exigem uma nova análise e avaliação dos processos, procedimentos e dispositivos industriais de forma a garantir proteção coletiva e individual ao trabalhador e à sociedade, uma vez que, com o aumento de escala e de volume de produção dos materiais nanoestruturados, uma parcela cada vez maior da cadeia laboral passa a estar exposta aos nanomateriais em suas diversas formas e meios. Neste trabalho é apresentada uma revisão acerca de tópicos relacionados com o desenvolvimento da nanotecnologia abordando questões de riscos e de segurança ocupacional, em especial, os principais aspectos envolvidos quando do manuseio, estocagem, síntese, estabilização e incorporação de nanomateriais, visando à redução, minimização e eliminação dos riscos envolvidos nessas atividades, com o objetivo de garantir de forma plena a integridade física e a saúde do trabalhador.

  5. Risco, trabalho e masculinidade. Um estudo sobre os trabalhadores do setor elétrico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Julice Salvagni

    2013-12-01

    Full Text Available Este estudo é parte de uma dissertação de mestrado (2011 que abordou aspectos referentes ao risco de trabalho no setor elétrico. Neste artigo, dá-se ênfase a uma análise sobre as noções de subjetivação da masculinidade que perpassam a realidade de trabalho dos eletricitários e que estão diretamente relacionadas ao entendimento de risco de acidentes. Para além do risco de acidentes físicos, compreende-se que os riscos se constituem na esfera do invisível (fatores sócio-psicológicos. Destacam-se elementos de ordem subjetiva que constituem a relação dos trabalhadores com as noções de tempo, para ser possível abordar a concepção do risco. As falas dos trabalhadores são postas em diálogo com autores como Dejours, Giddens e Bourdieu. O texto traz elementos descritivos que possibilitam elucidar as relações entre trabalho e masculinidade no setor elétrico a ser um inimigo indissociável do risco.

  6. Avaliação dos fatores de risco para rabdomiólise no pós - operatório de cirurgia bariátrica.

    OpenAIRE

    SANTOS, I. M.

    2015-01-01

    Introdução: A obesidade é uma doença complexa e multifatorial, cada vez mais prevalente na população mundial. O principal tratamento hoje para essa doença é a cirurgia bariátrica, que apesar dos muitos benefícios trazidos como redução do peso e melhor controle das comorbidades, apresenta importantes riscos pós - operatórios, dentre eles vale ressaltar a rabdomiólise, uma complicação de difícil diagnóstico. Objetivo: Identificar os fatores de risco para desenvolvimento de rabdomiólise (...

  7. AVALIAÇÃO DOS GÂNGLIOS REGIONAIS NO CARCINOMA EPIDERMÓIDE DO PÊNIS (CEP ATRAVÉS DE UM ÍNDICE DE RISCO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cologna A. J.

    2001-01-01

    Full Text Available O objetivo desse estudo foi investigar a validade de um índice de risco (IR no prognóstico de metástases ganglionares no carcinoma epidermóide do pênis (CEP. Foram analisados 53 pacientes com CEP atendidos no Hospital das Clínicas da FMRP-USP, de janeiro de 1978 a dezembro de 1995. A idade variou de 32 a 97 anos. Os tumores foram graduados de acordo com a classificação de Broders e estadiados retrospectivamente (TNM 1999. O IR foi determinado pela soma de TeG (IR = T+G. A linfadenectomia inguinal bilateral (LD foi indicada naqueles que apresentaram gânglios suspeitos após a antibioticoterapia ou que vieram apresentar alterações durante o período de observação. Faleceram 17 pacientes; A LD foi realizada em 14 pacientes e os 39 restantes permaneceram em observação clínica, sendo que em 8 deles foi feito LD após tempo mediano de 9 meses. Dos pacientes com índice de risco 2 e 3 92% e 80% respectivamente não apresentavam metastase ganglionar, ao passo que a totalidade daqueles com IR=6 tinha gânglios comprometidos. A associação dos grupos 2 e 3, comparada ao conjunto 4, 5 e 6, mostrou percentual maior de comprometimento nestes últimos (p = 0,0046. Dos 36 pacientes inicialmente No, 27 apresentavam IR 2 ou 3, dos quais 5 evoluíram para N+ (19%; os 9 restantes eram IR > 4 e 3 também evoluíram para N+ (33%. Apesar da diferença, não houve significância estatística entre eles (p = 0,3837. Embora tenha ocorrido maior comprometimento naqueles com IR > 4, o índice de risco não foi capaz de identificar previamente pacientes que evoluíram para N+.

  8. IDENTIFACAÇÃO DE EVENTOS DE RISCO DO AGRONEGÓCIO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Gonçalves de Faria Corrêa

    2017-04-01

    Full Text Available Através de uma contextualização inicial sobre a gestão de riscos no agronegócio, este trabalho se propõe a identificar os principais eventos de risco do agronegócio. A realização desta atividade se justifica pelo fato de ela ser uma etapa fundamental para o processo de gestão de riscos. Através de uma revisão sistemática da bibliografia, são encontrados mais de 1997 artigos, dos quais 57 são selecionados para fornecerem os principais eventos de risco agropecuários. Como resultado, encontraram-se oito categorias de eventos de riscos para 86 eventos de risco. As principais fontes de risco são de produção e do mercado. Esta compilação de eventos de riscos é oportuna para o desenvolvimento da gestão de riscos no agronegócio.

  9. RISCO À INUNDAÇÃO NO MÉDIO CURSO DO RIO URUGUAI: ESTUDO DE CASO NO MUNICÍPIO DE SÃO BORJA - RS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eléia Righi

    2013-08-01

    Full Text Available Diante de tantos prejuízos oriundos das inundações,  observam-se poucos trabalhos visando à espacialização e a análise desses eventos no Brasil e no Rio Grande do Sul. Neste sentido, esse trabalho tem por objetivo realizar o Zoneamento de Risco à Inundação no município de São Borja, localizado na margem esquerda do rio Uruguai no Estado do Rio Grande do Sul. A metodologia foi estruturada em duas etapas de trabalho:  a primeira consta no levantamento de dados (bibliográfico, técnico e cartográfico e na segunda foram gerados os documentos tais como tabelas, gráficos e mapas temáticos. Assim, foram levantadas as ocorrências de inundações no município, verificando as situações de emergência e calamidade pública entre 1980 a 2009. Posteriormente foi determinada a suscetibilidade, o perigo dividido em três graus (alto < 10 anos de tempo de retorno (TR, médio entre 10 e 30 TR e baixo > 30 anos de TR, a vulnerabilidade através do cruzamento das características de infraestruturas e número médio de habitantes por residências, e, o risco a partir da analise integrada dos graus de perigo e classes de vulnerabilidade. Em relação à quantidade de eventos, verificou-se 38 registros de inundações. As áreas suscetíveis correspondem a 11% da área urbana. Em relação ao perigo, nas três faixas (alto, médio e baixo foi verificado um número significativo de edificações. Na análise da vulnerabilidade, foram encontradas construções com usos residenciais, comerciais e industriais, com padrão estrutural alto, médio e baixo. O mapa de risco de inundação foi elaborado caracterizando três níveis: zona de alto risco, médio risco e baixo risco. Assim, com essas análises, pretendemos contribuir com uma fonte teórico-metodológica como também com um trabalho técnico para o município, pois serve de base para estudos de maior detalhe que desenvolvam um cadastramento do risco, indicando ações para cada caso.  

  10. Análise dos fatores de risco relacionados às amputações maiores e menores de membros inferiores em hospital terciário

    Science.gov (United States)

    de Jesus-Silva, Seleno Glauber; de Oliveira, João Pedro; Brianezi, Matheus Henrique Colepicolo; Silva, Melissa Andreia de Moraes; Krupa, Arturo Eduardo; Cardoso, Rodolfo Souza

    2017-01-01

    Resumo Contexto As amputações dos membros inferiores, sejam definidas como maiores ou menores, são um grave problema de saúde, com altos índices de morbimortalidade e de relevante impacto social. Diferentes características clínicas dos pacientes parecem estar relacionadas aos diferentes tipos de amputação realizados. Objetivos Analisar os fatores de risco presentes em pacientes submetidos a amputações de membros inferiores em hospital terciário. Métodos Estudo retrospectivo, transversal, envolvendo 109 pacientes submetidos a amputação de membro inferior em um período de 31 meses, através da análise de gênero e idade, 15 dados clínicos e cinco parâmetros laboratoriais presentes no momento da admissão. Os dados foram submetidos a estatística descritiva e comparativa através do teste t de Student não pareado (para variáveis numéricas), e dos testes de Mann-Whitney e exato de Fisher (para variáveis categóricas). Resultados Das 109 amputações realizadas, 59 foram maiores e 50 menores. A maioria dos pacientes era do gênero masculino (65%), e a média de idade foi de 65 anos (mín. 39, máx. 93). Dentre os fatores de risco observados, idade avançada, acidente vascular encefálico, isquemia, sepse e níveis baixos de hemoglobina e hematócrito estavam estatisticamente mais relacionados às amputações maiores (p < 0,05). Diabetes melito, neuropatia e pulsos distais palpáveis foram fatores mais associados às amputações menores. Conclusões Os níveis das amputações de membros inferiores estão relacionados a diferentes fatores de risco. Os quadros isquêmicos mais graves e de maior morbidade estiveram associados a amputações maiores, enquanto a neuropatia e perfusão preservada, mais relacionados às amputações menores. PMID:29930618

  11. Análise dos fatores de risco relacionados às amputações maiores e menores de membros inferiores em hospital terciário

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Seleno Glauber de Jesus-Silva

    Full Text Available Resumo Contexto As amputações dos membros inferiores, sejam definidas como maiores ou menores, são um grave problema de saúde, com altos índices de morbimortalidade e de relevante impacto social. Diferentes características clínicas dos pacientes parecem estar relacionadas aos diferentes tipos de amputação realizados. Objetivos Analisar os fatores de risco presentes em pacientes submetidos a amputações de membros inferiores em hospital terciário. Métodos Estudo retrospectivo, transversal, envolvendo 109 pacientes submetidos a amputação de membro inferior em um período de 31 meses, através da análise de gênero e idade, 15 dados clínicos e cinco parâmetros laboratoriais presentes no momento da admissão. Os dados foram submetidos a estatística descritiva e comparativa através do teste t de Student não pareado (para variáveis numéricas, e dos testes de Mann-Whitney e exato de Fisher (para variáveis categóricas. Resultados Das 109 amputações realizadas, 59 foram maiores e 50 menores. A maioria dos pacientes era do gênero masculino (65%, e a média de idade foi de 65 anos (mín. 39, máx. 93. Dentre os fatores de risco observados, idade avançada, acidente vascular encefálico, isquemia, sepse e níveis baixos de hemoglobina e hematócrito estavam estatisticamente mais relacionados às amputações maiores (p < 0,05. Diabetes melito, neuropatia e pulsos distais palpáveis foram fatores mais associados às amputações menores. Conclusões Os níveis das amputações de membros inferiores estão relacionados a diferentes fatores de risco. Os quadros isquêmicos mais graves e de maior morbidade estiveram associados a amputações maiores, enquanto a neuropatia e perfusão preservada, mais relacionados às amputações menores.

  12. The Psychology of risk Psicologia do risco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paul Slovic

    2010-12-01

    Full Text Available The essay contrasts the scientific approach to analyzing and making decisions about risk with the ways that ordinary people perceive and respond to risk. It highlights the importance of trust as a determiner of perceived risk. It describes relatively new research on "risk as feelings" and the "Affect Heuristic". Finally reflects on the importance of this work for risk communication and concludes with some observations about human rationality and irrationality in the face of risk.Trata-se de um ensaio que compara a abordagem científica da análise e tomada de decisão sobre riscos com a maneira como pessoas comuns percebem e respondem aos riscos. Aborda a importância da confiança como um determinante do risco percebido e descreve nova pesquisa sobre "risco como sentimentos", o "Efeito Heurístico" e a relevância desse novo trabalho. O conceito de risco é extremamente complexo, pois, além dos fatores científicos, está intrinsecamente associado a elementos sociais e sua percepção. Os riscos envolvem muitas incertezas de difícil medição. Outra questão importante é a amplificação social do risco. A confiança é a palavra-chave para problemas de comunicação sobre o risco. A conclusão é feita ao redor do tema da racionalidade e irracionalidade humana face ao risco.

  13. Marketing Virtual: Separando o Joio do Trigo... Os Riscos Inerentes e Manipulados no E-commerce

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Michelle Helena Kovacs

    2010-03-01

    Full Text Available O objetivo desta investigação foi realizar uma análise sobre os riscos inerentes e os manipulados na compra pela internet. A pesquisa teve o intuito de averiguar a necessidade de separação desses riscos, visto que, em grande parte dos estudos, não é realizada essa distinção, sendo agrupados os riscos de uma maneira geral. O estudo teve um caráter exploratório-descritivo de corte transversal, tendo sido realizado em duas etapas. Inicialmente foram conduzidas entrevistas com 20 compradores do varejo eletrônico. Posteriormente foi realizado um levantamento, em que foi estabelecida uma parceria com a E-bit, tendo o link do instrumento de coleta de dados sido enviado para 2.000 usuários cadastrados no banco de dados da instituição. Foram obtidos 692 questionários válidos. As análises fatoriais empregadas indicaram a necessidade da divisão dos riscos em inerentes e manipulados, reforçando a teoria inicial de Bettman (1973. A presente pesquisa traz, como principal contribuição, a recomendação aos futuros investigadores dessa área sobre a importância de considerar e, principalmente, empregar separadamente a análise dos riscos inerentes e a análise dos riscos manipulados em estudos do comportamento do consumidor nas compras on-line. DOI: 10.5585/remark.v8i2.2139

  14. Análise dos fatores de risco anteparto para ocorrência de cesárea Analysis of the risk factors for cesarean section

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Simone Angélica Leite de Carvalho Silva

    2005-04-01

    Full Text Available OBJETIVOS: criar um modelo preditivo para ocorrência de cesárea na Maternidade Professor Monteiro de Morais após avaliação dos fatores de risco anteparto das gestantes que pariram no período de 1 de setembro de 1999 a 31 de agosto de 2000, e posteriormente verificar a eficiência do serviço na indicação de cesárea. MÉTODOS: foi realizado estudo longitudinal, do tipo caso-controle com 3626 gestantes, no qual se verificou quais os fatores anteparto foram considerados de risco para cesárea, no período de 1 de setembro de 1999 a 31 de agosto de 2000. Posteriormente, criou-se modelo preditivo ideal, o qual permitiu quantificar o risco de cesárea para cada paciente na presença de um ou mais fatores de risco. A seguir, aplicou-se o modelo à amostra do estudo a fim de verificar o grau de concordância entre o risco previsto de cesárea e a realização do ato cirúrgico, ou seja, a eficácia na indicação de cesariana. RESULTADOS: aplicando-se o modelo preditivo na amostra, verificou-se que na ausência dos fatores de riscos anteparto, o risco basal de cesárea foi de 15,2%. O grau de concordância entre o previsto pelo modelo logístico e a ocorrência de cesárea foi de 86,6%. CONCLUSÕES: o modelo logístico permitiu identificar o risco basal de cesárea e quantificar a probabilidade de cesárea a partir da introdução do fator de risco. O modelo pode ser considerado útil e eficaz, uma vez que houve concordância entre o acerto e o previsto em 86,6% para cesariana, e 53,6% das pacientes submetidas ao parto normal, de fato, não tinham fator de risco para cesárea.PURPOSE: to create a predictive model for cesarean section at the "Professor Monteiro de Morais Maternity" after evaluation of antepartum risk factors of the pregnant women who delivered from September 1, 1999 to August 31, 2000, and then, to verify the efficacy of indication for cesarean section. METHODS: a longitudinal, case control study with 3.626 pregnant women was

  15. Riscos ocupacionais em UTI: proteção específica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria da Natividade Abreu da Costa

    1989-12-01

    Full Text Available Aponta os riscos ocupacionais que a equipe multiprofissional se expõe diariamente. Na tentativa de minimizar os riscos existentes são traçadas medidas de proteção especffica que se estendem desde a planta física ao preparo técnico dos funcionários. São utilizadas como variáveis o trinomio ambiente/paciente/equipe de enfermagem, relacionando assim os riscos e a proteção específica.

  16. Hiperhomocisteinemia e o risco cardiovascular

    OpenAIRE

    Gannabathula Sree Vani

    2002-01-01

    Nível elevado de homocisteína (Hcy) no plasma é considerado fator de risco de doença cardiovascular. Consumo reduzido de vitaminas B6, B12 e ácido fólico tem sido relacionado com hiperhomocisteinemia. O objetivo desse estudo foi verificar o consumo de vitaminas B6, B12 e ácido fólico nas populações urbana e rural, bem como a correlação dos níveis plasmáticos dessas vitaminas com os níveis plasmáticos de Hcy. Também determinamos os níveis séricos de lipídeos e avaliamos o risco cardiovascular ...

  17. Avaliação do risco epidemiológico e do desempenho dos programas de controle de tuberculose nas Regiões de Saúde do estado de Santa Catarina, 2003 a 2010

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sergio Adam Mendonça

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar o risco epidemiológico e o desempenho dos programas de controle de tuberculose segundo Regiões de Saúde do estado de Santa Catarina, Brasil, no período de 2003 a 2010. MÉTODOS: estudo ecológico com dados fornecidos pela vigilância epidemiológica estadual, compreendendo 4 indicadores de risco e 11 de desempenho do programa; calculou-se a mediana de cada indicador por Região e atribuiu-se pontos conforme a distribuição percentilar, permitindo-se a criação de um índice de gravidade. RESULTADOS: verificou-se a existência de diferentes níveis de risco de morbimortalidade e distintos índices de desempenho das ações de controle da tuberculose nas Regiões de Saúde; o índice de gravidade permitiu identificar 6 Regiões de maior gravidade, 9 intermediárias e 6 de menor gravidade, com diferenças nos escores de risco e desempenho (p<0,001. CONCLUSÃO: evidenciou-se grande variedade de nichos de gravidade distribuídos nas diversas Regiões, bem como diversidade no empenho da gestão administrativa para seu enfrentamento.

  18. Suicide risk among inpatients at a university general hospital Risco de suicídio em pacientes internados em um hospital geral universitário

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marianne Herrera Falceti Ferreira

    2007-03-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To estimate the proportion of inpatients at a university general hospital who are at risk of committing suicide. METHOD: A random sample of 253 patients (57% males aged 18 years old or older, admitted to surgical and clinical wards, was assessed using the the Mini International Neuropsychiatric Interview, which has a section that evaluates the risk for suicide. Uni- and multivariate analyses were performed. RESULTS: There were 58 (23% patients with a risk for suicide, 13 (5% of total of whom presented a high risk. The prevalence of suicide risk was greater in young adult patients, those with no matrimonial relationship and those diagnosed with major depression (univariate analysis, Chi-squared test; p = 0.01, 0.03 and 0.0001, respectively. The multivariate analysis revealed that the risk for suicide in individuals younger than 30 years old was two fold higher than in those individuals between the ages of 30 and 59 years (OR = 0.45, 95% CI = 0.22-0.93; p = 0.03 and four fold greater than in those who were 60 years old or older (OR = 0.25, 95% CI = 0.1-0.64; p = 0.004. CONCLUSION: When young adults are admitted to general hospitals they should receive special attention due to their suicidal potential.OBJETIVO: Estimar a proporção de pacientes internados em um hospital geral universitário que têm risco de suicídio. MÉTODO: Uma amostra aleatória de 253 pacientes (57% do sexo masculino com 18 anos ou mais, internados em enfermarias clínicas e cirúrgicas, foi avaliada por meio do Mini International Neuropsychiatric Interview, o qual possui uma seção que avalia risco de suicídio. Foram realizadas analises uni e multivariadas. RESULTADOS: Cinqüenta e oito (23% pacientes tinham risco de suicídio, 13 dos quais (5% do total risco elevado. A prevalência de risco de suicídio foi maior em adultos jovens, nos que não tinham vínculo matrimonial e nos que tiveram um diagnóstico de depressão maior (análise univariada, teste do Qui

  19. Estudo prospectivo dos fatores de risco para complicações neurológicas na meningite bacteriana infantil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sadie Namani

    2013-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Análise prospectiva de fatores de prognóstico para complicações neurológicas da meningite bacteriana infantil. MÉTODOS: Este estudo prospectivo recrutou 77 crianças de um mês a 16 anos de idade tratadas de meningite bacteriana durante o período de 1/1/2009 a 31/12/2010. Foram escolhidos 16 preditores relevantes para analisar sua associação com a incidência de complicações neurológicas. Valores P abaixo de 0,05 foram considerados estatisticamente significativos. RESULTADOS: Das 77 crianças tratadas para meningite bacteriana, desenvolveram-se complicações neurológicas em 33 pacientes (43%, e duas crianças morreram (2,6%. A etiologia dos casos de meningite bacteriana foi comprovada em 57/77 (74% dos casos: foram encontrados 32 isolados de meningococos; 8 de pneumococos; 6 de bacilos gram-negativos; 5 de H. influenzae; 5 de estafilococos e 1 de S. viridans. Os fatores que se mostraram associados a aumento do risco de desenvolvimento de complicações neurológicas foram idade 5.000 células/mm³, pleiocitose > 5.000 células/mm³ depois de 48 horas, baixa relação da glicose no LCS/sangue 48 horas, presença de comorbidade e foco primário de infecção não se associaram a aumento do risco para o desenvolvimento de complicações neurológicas. CONCLUSÃO: Idade inferior a 12 meses e gravidade da apresentação clínica na admissão foram identificadas como os preditores mais fortes de complicações neurológicas e podem ter valor para selecionar pacientes para tratamento mais intensivo.

  20. Produção científica sobre o sistema de controles internos e gestão de riscos: um estudo sócio-bibliométrico dos artigos contábeis publicados em língua inglesa, no período de 2000-2010

    OpenAIRE

    Teixeira, Gislene Silveira Barros

    2011-01-01

    As decisões, atividades e operações empreendidas pelos gestores de riscos nas organizações dão lugar a várias áreas de incerteza, as quais podem decorrer da aplicação da legislação ou de fatores particulares. Tais fatores corroboram na acentuação de relevância dos controles internos para a gestão de riscos, atividades de compliance (verificação de conformidade legal) e auditoria interna. Para tanto, diversas estruturas de controle para auxílio a profissionais na avaliação dos riscos esperados...

  1. BESKRYWING VAI'l TEGNIEKE EN CHEMIESE ANALISES VAN ...

    African Journals Online (AJOL)

    afwykings en koefftsiente van variasie tussen monsters en tussen analises binne monsters verstrek. Tussen monsters verteenwoordig die verskille tussen diere en tussen ana- lises binne monsters verteenwoordig die verskille tussen herhalings binne dieselfde monstefS en dui dus die akku- raatheid van die analises aan.

  2. Utilização dos equipamentos de proteção individual por mototaxistas: percepção dos fatores de risco e associados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jules Ramon Brito Teixeira

    2014-04-01

    Full Text Available Este estudo objetivou analisar as práticas e percepções de mototaxistas a respeito do uso dos equipamentos de proteção individual (EPI por meio de pesquisa de campo, exploratório- descritiva, de abordagem qualitativa. Foram entrevistados trinta mototaxistas do Município de Jequié, Bahia, Brasil. Para a coleta dos dados, foi utilizada a entrevista semiestruturada, e, como instrumento, o questionário. Os dados foram analisados pela Análise de Conteúdo Temático. Os resultados evidenciaram: Categoria 1 – percepção de risco, subcategoria – condicionantes/determinantes para o uso do EPI; Categoria 2 – adesão, subcategoria – adesão ao uso do equipamento de proteção ocupacional; Categoria 3 – o uso do EPI como fator de proteção em acidentes no trânsito, subcategorias 1 – acidentes ocupacionais, 2 – uso do EPI no momento do acidente, 3 – não uso do EPI no momento do acidente. Por fim, tornou-se explícito que os mototaxistas têm algum conhecimento acerca dos equipamentos de proteção ocupacional e, inclusive, atribuem importância ao devido uso desses instrumentos, entretanto, nem sempre fazem o uso adequado deles.

  3. Avaliação dos riscos de acidentes em atividades de poda de árvores na arborização urbana do distrito federal Tree pruning accident risk assessment in urban landscaping of the Federal District - Brazil

    OpenAIRE

    Nilton César Fiedler; Eduardo Hideki Sone; Ailton Teixeira do Vale; José de Fátima Juvêncio; Luciano José Minette

    2006-01-01

    Esta pesquisa teve por objetivo avaliar os riscos de acidentes em atividades de poda de árvores na arborização urbana do Distrito Federal. A coleta de dados foi feita com a aplicação de um questionário em forma de entrevista individual. Responderam ao questionário 94% dos funcionários, sendo 92% do total dos operadores de motosserra e 95% do total de auxiliares. Além disso, foi realizada uma avaliação qualitativa do risco de acidentes nas máquinas e equipamentos de poda e nos veículos de tran...

  4. Análise de riscos tecnológicos ambientais: perspectivas para o campo da saúde do trabalhador

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Porto Marcelo Firpo de Souza

    1997-01-01

    Full Text Available O objetivo deste artigo é trazer para o âmbito da saúde pública, particularmente para o campo da Saúde do Trabalhador, questões teóricas e desafios colocados pelos denominados riscos tecnológicos ambientais, os quais se relacionam e ultrapassam o universo dos ambientes de trabalho. Partindo-se dos riscos químicos industriais, demonstra-se a vulnerabilidade das sociedades contemporâneas face aos mesmos e seu agravamento nos países de economia periférica. Em seguida, apresenta-se o escopo das análises de riscos pelas vertentes da engenharia, toxicologia e epidemiologia, bem como a crítica que as ciências sociais vem realizando sobre as mesmas. Conclui-se que a Ciência não é capaz de dar conta isoladamente de problemas complexos como os riscos tecnológicos ambientais. Para se avançar sobre esses limites, diversas propostas integradoras do nível teórico-metodológico vêm sendo desenvolvidas nos campos da análise de riscos e da saúde do trabalhador. Dentre estas, destacam-se aquelas sobre interdisciplinaridade, abordagens sistêmicas e participativas, que incorporam o saber dos trabalhadores e comunidades, forjando a interação entre conhecimento e diálogo como condição fundamental da prevenção e controle dos riscos tecnológicos ambientais.

  5. Estudo dos Fatores de Risco Associados a Arteriopatia Periferica em Nipo-brasileiros de Bauru (SP

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Garofolo

    2014-03-01

    Full Text Available Fundamento: As patologias cardiovasculares são a maior causa de morbimortalidade nos países desenvolvidos e emergentes. Sua principal etiologia, a aterosclerose, é doença disseminada acometendo os territórios coronariano, cerebral e periférico. A doença arterial obstrutiva periférica (DAOP, além de suas consequências per se, sinaliza o acometimento do território coronariano. Portanto, seu melhor conhecimento permite tratamento adequado, retardando complicações locais e à distância, diminuindo o custo para o sistema de saúde. Objetivo: Este estudo estima a porcentagem de DAOP em nipo-brasileiros de Bauru (SP, reconhecidos pela alta prevalência de distúrbios metabólicos, como hipertensão arterial (43%, diabetes melito (33% e hipercolesterolemia (60 %, e analisa a associação com biomarcadores de risco. Métodos: Este estudo transversal populacional avaliou 1.330 nipo-brasileiros de ambos os sexos com idade ≥ 30 anos que foram submetidos a exame físico completo, medidas antropométricas, exames laboratoriais e índice tornozelo-braço (ITB. Participantes com ITB ≤ 0,90 foram diagnosticados como portadores de DAOP. Após aplicação dos critérios de exclusão, 1.038 indivíduos integraram a análise. Empregou-se regressão de Poisson para análise das associações com DAOP. Resultados: A idade média foi 56,8 anos e a porcentagem de DAOP foi 21,1%, igual entre os sexos. DAOP associou-se com tabagismo (RP 2,16 [1,33-3,48] e hipertensão arterial (RP 1,56 [1,12-2,22]. Conclusão: A porcentagem de DAOP nos nipo-brasileiros foi semelhante à de outras populações de perfil cardiometabólico desfavorável (US PARTNERS e POPADAD. A associação independente de DAOP com tabagismo e hipertensão, mas não com outros clássicos fatores de risco, pode depender das frequências muito elevadas dos distúrbios metabólicos nessa população.

  6. RELAÇÕES DE GÊNERO NO COMPORTAMENTO DE COMPRA PELA INTERNET: ESTUDO DAS DIMENSÕES DO RISCO PERCEBIDO

    OpenAIRE

    Carvalho, Juliana Del Secchi Dias de; Silva, Wesley Vieira da; Del Corso, Jansen Maia; Tortato, Ubiratã

    2012-01-01

    O risco percebido é considerado como um dos grandes entraves para o crescimento da Internet como canal de compras. A inovação que este artigo propõe para os estudos desta temática é a avaliação do risco percebido nas compras pela Internet sob uma perspectiva de gênero, motivada por estudos precedentes que revelaram uma significativa maior adesão a este comércio por parte dos homens, que seriam também mais propensos a assumir riscos. Para tanto, foi realizado uma estudo quantitativo, com corte...

  7. Identificação e classificação de riscos na implantação da produção enxuta

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giuliano Almeida Marodin

    2015-12-01

    Full Text Available Resumo O processo de implantação de sistemas de produção enxuta é complexo, demorado e sujeito a uma série de riscos. Este artigo tem como objetivo identificar e classificar os riscos presentes na implantação da produção enxuta (IPE. As quatro etapas da pesquisa foram: (i revisão de literatura para identificação de riscos à IPE; (ii desenvolvimento e aplicação de um questionário a 57 respondentes, que avaliou as percepções acerca da probabilidade de ocorrência e impacto de cada risco apontado pela literatura; (iii análise dos resultados do questionário, que permitiu a classificação dos riscos por meio de uma análise fatorial exploratória; (iv estudo de caso para aprofundar a compreensão das relações entre os riscos em uma empresa na qual trabalhavam três respondentes dasurvey. Quatorze riscos à IPE foram identificados e classificados em três grupos: (i riscos associados ao papel das áreas de apoio; (ii riscos associados ao papel da alta e média gerência; e (iii riscos associados ao papel dos níveis operacionais. Uma vez que os riscos dentro de cada grupo são fortemente inter-relacionados, essa classificação pode contribuir para o planejamento e implantação de ações de controle destes.

  8. Fatores de Risco para Infecção Pós-Craniotomia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo Palmer Irffi

    2016-10-01

    Full Text Available Justificativa e Objetivos: A infecção pós-craniotomia é um risco real para a recuperação do paciente, com aumento da morbimortalidade e, também, dos custos para o sistema de saúde. Com uma alta incidência de complicações, chegando a até 11%, é importante ter noção dos fatores de risco desse procedimento a fim de melhorar a qualidade do atendimento e da recuperação do paciente. Dessa forma, o objetivo desse artigo é definir o risco de infecção nesse procedimento; indicar a incidência de infecção de sítio cirúrgico e de meningite; apontar os principais fatores de risco; e calcular a taxa de óbito de craniotomia. Métodos: O estudo foi uma coorte retrospectiva em seis hospitais de Belo Horizonte por um período de dez anos. Dados foram colhidos e analisados buscando resultados relacionados à incidência e aos fatores de risco pós-craniotomia. Resultados: As infecções globais têm uma incidência de 8,8%, as infecções de sítio cirúrgico de 5,1% e as meningites de 2,3%. A taxa de letalidade está em 8,3%. Conclusão: Os principais fatores de risco são o escore American Society of Anesthesiologists (ASA > 2 e o uso de próteses; o uso de anestesia geral se mostrou um fator protetor em relação ao desenvolvimento de infecções.

  9. Dieta habitual e fatores de risco para doenças cardiovasculares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Maria Cervato

    1997-06-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Estudo descritivo por amostragem em munícípio do Estado de São Paulo, Brasil, em 1990, com objetivo de analisar, mediante entrevistas domiciliares, a dieta habitual e fatores de risco para doenças cardiovasculares em indivíduos maiores de 20 anos. METODOLOGIA: Foram entrevistados 557 indivíduos, de idade entre 20 e 88 anos, que fazem parte de subamostra de um estudo global na região. A dieta habitual, identificada pelo histórico alimentar foi comparada às recomendações da OMS e os fatores de risco estudados (obesidade, dislipidemias, diabetes melito diagnosticados pelo Índice de Massa Corpórea e dosagens bioquímicas. RESULTADOS E CONCLUSÕES: Observou-se que 60% da população consome dieta com energia total abaixo da estimativa das necessidades e que a contribuição calórica dos carboidratos foi de 56%, dos lipídios de 29% e das proteínas de 15%. Entretanto, na análise por percentil, a contribuição calórica dos lipídios e das proteínas encontra-se muito acima dos padrões recomendados em detrimento dos carboidratos. A energia, distribuição calórica e quantidade de colesterol foi adequada em apenas 5% das dietas. Dentre os fatores de risco para doenças cardiovasculares estudados observou-se a prevalência de obesidade em 38% dos indivíduos, de dislipidemias em 26% e de diabetes melito em 5%. A atividade física leve preponderante com dieta inadequada, tanto em termos de qualitativos quanto quantitativos, agravam ainda mais esse quadro.

  10. A deficiente informação aumenta os riscos dos pesticidas em Portugal The deficient information increase the pesticides risks in Portugal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro Amaro

    2010-12-01

    Full Text Available O risco do uso dos pesticidas agrícolas ser aceitável depende da adopção de rigorosas medidas de segurança definidas pela UE. Esta problemática, em Portugal, é muito preocupante em consequência de graves ilegalidades, como o não funcionamento da CATPF há 5 anos e da sistemática prática, a nível oficial (ex: DGPC/DGADR e Serviços de Avisos e das empresas de pesticidas, da política de esconder a informação essencial para: a selecção dos pesticidas menos perigosos; o conhecimento das indispensáveis medidas de mitigação do risco; e a adequada formação de técnicos e de agricultores.The pesticide risk could be acceptable if mitigation measures decided by EU are adopted. In Portugal that problematic is quite difficult in consequence of graves illegalities, as the CATPF 5 years not working and the systematic practice, at official level (ex: DGPC/DGADR and Warning Service and at pesticides suppliers, of a political to hide the information that is essential to: the pesticides selection of the less dangerous to human health and the environment; the knowledge of indispensable and appropriate measures to reduce those risks as much as possible; and the level of education and training of technicians and farmers.

  11. Prevalência dos riscos cardiovasculares em escolares e adolescentes obesos acompanhados no ambulatório de endocrinologia pediátrica do Conjunto Hospitalar de Sorocaba (CHS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Karlla Karollynna de Fátima Gaiotto

    2015-10-01

    Full Text Available Crianças e adolescentes obesos têm alto risco de desenvolver doençascardiovasculares na idade adulta. Assim, a detecção de fatores de risco e educaçãodos pacientes na infância é de extrema importância para o prognóstico, já que nesseperíodo a mudança dos hábitos de vida demonstra grande redução na incidência egravidade de doenças cardíacas. Desta forma, o objetivo do projeto foi avaliarrepercussões metabólicas associadas à obesidade nos pacientes atendidos noambulatório de endocrinologia pediátrica do CHS e seu impacto nos riscoscardiovasculares. Para isto foi realizada a análise do perfil bioquímico,antropométrico e níveis pressóricos de escolares e adolescentes obesos com idadeentre 07 e 18 anos no período de agosto de 2014 a maio de 2015 e calculada aprevalência para cada variável analisada. Dos 49 pacientes, 57,1% nasceram compeso adequado, 46,9% praticam atividade física insuficiente, 42,9% apresentamobesidade na família, 59,1% apresentam parentes obesos com algumacomorbidade, 81,3% se encaixam no percentil acima de 99 para o IMC, 90,55%apresentam circunferência de cintura acima de 71 cm, 44,1% foram consideradoshipertensos, 20,4% apresentaram alterações no perfil glicêmico, 34,7% possuemcolesterol total aumentado, 59,2% estão com HDL inferior ao desejável, 40,9%estão com níveis alterados de LDL, 49% apresentaram valores de VLDL elevado e30,6% apresentaram triglicérides aumentados. A análise dos dados deste estudopermite inferir que o IMC, pressão arterial, circunferência abdominal, colesterol total,HDL colesterol e triglicérides são aqueles cujos valores são mais expressivos, demonstrando as consequências diretas da obesidade no aumento do risco deeventos cardiovasculares futuros.

  12. O uso do smartphone na avaliação do risco de queda associado ao envelhecimento

    OpenAIRE

    Ferreira, Maria

    2013-01-01

    Introdução: O declínio do equilíbrio, da força dos membros inferiores e o medo de cair são fatores de risco de queda associados ao envelhecimento e a sua avaliação pode ser realizada pelo teste One Leg Standing (OLS), Sit to Stand (STS) e pela Falls Eficacy Scale (FES), respetivamente. As aplicações para smartphone constituem uma alternativa para a avaliação dos fatores de risco de queda no envelhecimento. Objetivo: Analisar a capacidade de uma aplicação para smartphone na avaliação dos te...

  13. O RISCO NA CONCEPÇÃO DE INSTRUTORES DE ESPORTE DE AVENTURA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jairo Antônio Paixão

    Full Text Available Resumo O presente estudo buscou analisar a concepção de instrutores de esporte de aventura sobre o risco na prática do rapel vinculada a diferentes modalidades terrestres praticadas no estado de Minas Gerais. A partir de um estudo descritivo-exploratório com um grupo amostral composto por 35 instrutores (32 homens e 03 mulheres verificou-se que os instrutores reconhecem o risco como elemento inerente à prática do rapel. Os sujeitos apontam o domínio da técnica, o estado dos equipamentos específicos, a adoção de tecnologias e a capacidade para decifrar informações referentes ao ambiente natural como forma de controlar e minimizar o risco. Chama atenção a postura dos instrutores participantes dessa investigação que, apesar de buscarem vivenciar fortes emoções, sensação de adrenalina e liberdade, colocam como princípio fundamental a manutenção da vida.

  14. MÉTODO DE PRECHTL COMO INSTRUMENTO DE AVALIAÇÃO NEUROLÓGICA DO RECÉM-NASCIDO DE RISCO

    OpenAIRE

    Borges, Paula Tamburi; Tarocco, Regiane Mendes; Paulin, Elaine; Gonzaga, Cláudia Denize Telles

    2009-01-01

    As diferenças no desempenho motor de crianças de risco são observadas tanto nos componentes neuromotores quanto naqualidade da função motora. A observação sistemática da qualidade dos movimentos espontâneos dos recém-nascidos (RNs) de risco é um fator importante na identifi cação precoce de disfunções do desenvolvimento. O Método de Prechtl permite uma investigação prec...

  15. Prescrição de terapias baseadas em evidências para pacientes de alto risco cardiovascular: estudo REACT

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Otávio Berwanger

    2013-03-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Dados de atendimento ambulatorial ao paciente de alto risco cardiovascular no Brasil são insuficientes. OBJETIVO: Descrever o perfil e documentar a prática clínica do atendimento ambulatorial de pacientes de alto risco cardiovascular no Brasil, no que diz respeito à prescrição de terapias baseadas em evidências. MÉTODOS: Registro prospectivo que documentou a prática clínica ambulatorial de indivíduos de alto risco cardiovascular, que foi definido como a presença de um dos seguintes fatores: doença arterial coronariana, cerebrovascular e vascular periférica; diabetes; ou aqueles com pelo menos três dos seguintes fatores: hipertensão arterial, tabagismo, dislipidemia, maiores 70 anos, histórico familiar de doença arterial coronariana, nefropatia crônica ou doença carotídea assintomática. Foram avaliadas características basais e a taxa de prescrição das intervenções medicamentosas e não medicamentosas. RESULTADOS: Foram incluídos 2.364 pacientes consecutivos, sendo 52,2% do gênero masculino, idade média de 66,0 anos (± 10,1. Dentre os pacientes incluídos, 78,3% utilizavam antiplaquetários, 77,0% estatinas e, dos pacientes com história de infarto do miocárdio, 58,0% receberam betabloqueadores. O uso concomitante destas três classes foi de 34%. Não atingiram as metas preconizadas pelas diretrizes 50,9% dos hipertensos, 67% dos diabéticos e 25,7% dos dislipidêmicos. Os principais preditores de prescrição de terapias com benefício comprovado foram centro com cardiologista e histórico de doença arterial coronariana. CONCLUSÃO: Este registro nacional e representativo identificou hiatos importantes na incorporação de terapias com benefício comprovado, oferecendo um panorama real dos pacientes de alto risco cardiovascular.

  16. Benefícios e riscos dos suplementos medicamentosos fluoretados do mercado brasileiro / Benefits and risks of fluoride supplements of brazilian market

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Augusta Bessa Rebelo

    2014-08-01

    Full Text Available Considerando que o uso de qualquer medicamento deveria estar fundamentado nas evidên-cias sobre seus benefícios e riscos, o objetivo deste estudo foi avaliar as informações con-tidas nas bulas dos suplementos medicamentosos fluoretados pré- e pós-natal do mercado brasileiro e discutir o benefício anticárie e risco de fluorose dentária decorrente do uso des-ses produtos. A amostra foi constituída por bulas dos medicamentos disponíveis no mercado brasileiro, sendo 2 pré- e 6 pós-natal. As variáveis “indicação, contraindicação e posologia” descritas nas bulas foram analisadas e confrontadas tanto com as recomendações feitas por instituições brasileiras e internacionais do uso desses medicamentos quanto com o conhe-cimento atual de como o fluoreto controla cárie. Foi constatado haver incoerência entre as indicações e contraindicações contidas nas bulas e as recomendações institucionais desses medicamentos. As informações também não condizem com o conhecimento científico atual sobre os benefícios e riscos desses medicamentos. Em acréscimo, todos os medicamentos são formulados com uma mistura de sais de cálcio e de fluoreto, sugerindo que, mesmo que o uso desses medicamentos fosse importante para o controle de cárie, o fluoreto presente não estaria biodisponível para exercer seu efeito. Conclui-se que é necessário fazer uma revisão total da normatização brasileira sobre o uso de suplementos medicamentosos fluore-tados pré- e pós-natal, tendo em vista as inconsistências encontradas nas bulas dos produtos à venda, quer em termos de possível efeito anticárie ou de risco de fluorose dentária. ------------------------------------------------------------- Since the use of any medicine should be based on evidence of its benefits and risks, the aim of this study was to evaluate the information contained in the leaflets provided with pre- and post-natal fluoride supplements found in the Brazilian market

  17. A análise de risco como ferramenta estratégica para o serviço veterinário oficial brasileiro: dificuldades e desafios

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diego V. Santos

    2014-06-01

    Full Text Available O serviço veterinário oficial é responsável por proteger a saúde pública e animal, assegurando a oferta de produtos de origem animal inócuos aos consumidores. Uma ferramenta que auxilia na busca desses objetivos é a análise de risco, que iniciou a ser utilizada na segunda metade da década de 90 pelos serviços veterinários oficiais dos países. Para a realização de uma análise de risco, qualitativa ou quantitativa, inicialmente deve-se identificar o perigo, a qual na área da saúde animal geralmente é o agente patogênico causador de uma doença. A etapa subsequente é a avaliação do risco, na qual devem ser analisados, com suporte de trabalhos científicos ou especialistas na área, as formas possíveis de introdução, exposição e manutenção do agente patogênico na população susceptível, bem como as consequências, biológicas, econômicas, políticas e sociais trazidas pela enfermidade. A terceira etapa da análise de risco refere-se ao manejo dos riscos, que visa propor medidas que mitiguem o risco verificado até o nível desejado, bem como avaliar o custo/benefício de cada medida. A última fase de uma análise de risco é a comunicação dos riscos. Essa etapa é fundamental para o sucesso do estudo e deve ser iniciada juntamente com a análise de risco em si, sempre deixando aberto um canal permanente de comunicação com todos os atores sociais interessados na análise de risco. A análise de risco tornou-se um importante instrumento utilizado pelos gestores dos serviços veterinários oficiais na tomada de decisões, contribuindo para a escolha de alternativas que confiram, cientificamente, o menor risco sanitário. Este trabalho realizou uma revisão da literatura sobre análise de risco objetivando expor sua definição e processo de elaboração, assim como verificar como ela está sendo utilizada, quais limitações e desafios do uso dessa ferramenta pelo serviço veterinário oficial brasileiro.

  18. Análise de propostas de gestão de riscos em ambientes com atividades envolvendo nanomateriais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luís Renato Balbão Andrade

    2013-11-01

    Full Text Available A manipulação de nanomateriais apresenta enormes desafios para a gestão de ris-cos em pesquisa e na produção de novos materiais. Porém, os dados sobre os impactos destes novos materiais sobre a saúde humana e meio ambiente precisam ser ampliados. Vários esforços têm sido feitos para mitigar as adversidades e oferecer diretrizes para a gestão destes riscos associados aos nanomateriais. Este artigo objetiva fornecer visão ampla e comparativa entre as principais propostas existentes na literatura. A metodologia utilizada foi análise sistemática englobando 17 propostas de gestão de riscos com nanomateriais. Os resultados indicam que, embora não haja consenso sobre as métricas utilizadas para caracterizar os riscos dos nanomateriais, a adoção do Princípio da Precaução, do enfoque de controle de bandas e da participação dos envolvidos se sobressai entre os documentos analisados.

  19. Fatores dentais como risco para o desenvolvimento de carcinoma epidermóide de boca

    OpenAIRE

    Abdo, Evandro Neves; Pordeus, Isabela Almeida; Gomez, Ricardo Santiago; Mesquita, Ricardo Alves

    2016-01-01

    Os autores apresentam uma revisão da literatura sobre a participação dos fatores dentais como risco para o desenvolvimento do carcinoma epidermóide de boca (CEB). O uso de próteses removíveis não tem sido correlacionado como risco. A participação de bordas irritantes de dentes e próteses removíveis não foicomprovada na literatura. Embora a má higiene bucal seja considerada como risco, a literatura considera como pouco expressiva em relação ao uso do fumo e álcool. Novos estudos são necessário...

  20. Síndrome metabólica: identificando fatores de risco

    OpenAIRE

    Lottenberg,Simão Augusto; Glezer,Andrea; Turatti,Luiz Alberto

    2007-01-01

    OBJETIVOS Discutir a síndrome metabólica e a identificação de seus fatores de risco, inclusive na faixa etária pediátrica. FONTES DE DADOS: Artigos de revisão indexados. SÍNTESE DOS DADOS:A síndrome metabólica caracteriza-se pela resistência à insulina e pela presença de fatores de risco para doenças cardiovasculares e diabetes melito tipo 2. Não existe ainda um consenso com relação a seus critérios diagnósticos. Na presente revisão, os critérios diagnósticos da Associação Americana de Cardio...

  1. Risco de salinização das terras do baixo Acaraú (CE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lydia Helena da Silva de Oliveira Mota

    2012-08-01

    Full Text Available Em determinadas condições de relevo, do clima e de uso, com certa frequência pode acontecer acúmulo de sais nos solos, dando lugar à formação dos solos salinos e sódicos - também denominados de solos afetados por sais. A fim de orientar as práticas de manejo e uso das terras da região do Baixo Acaraú, CE, objetivou-se com o presente trabalho gerar um mapa de risco de salinização. Para obtenção das classes de vulnerabilidade, foram avaliados os temas pedologia, geologia, geomorfologia e uso e cobertura das terras e informações de declividade e altimetria, tratados em ambiente SIG com o método multicritério aditivo. Foram definidas quatro classes de risco de salinização: baixo, moderado, alto e altíssimo ou solos naturalmente salinos/sódicos. Foi constatado que 35,47 % da área corresponde à classe de baixo risco de salinização; 26,22 %, à de risco moderado; 8,23 %, à de risco alto; e 19,65 %, à de risco altíssimo.

  2. RISCOS LOGÍSTICOS NA DISTRIBUIÇÃO DE HORTIFRÚTI

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Emelly Anne Silva de Lima

    2017-03-01

    Full Text Available O desempenho do canal de distribuição é fator diferencial dentro do mercado. Os hortifrútis por sua vez, sofrem com alta perecibilidade e precisam de uma cadeia de suprimentos que viabilize sua distribuição. Com este foco, a presente pesquisa busca identificar os riscos e mensurar seus graus de importância no processo de distribuição. Para a obtenção de informações dos fatores de riscos consultou-se a literatura disponível e realizou-se entrevistas com os analistas de mercado da EMPASA (PB e CEASA-CE. Elaborou-se um questionário contendo uma lista de variáveis de risco, como instrumento inicial de pesquisa. O universo desta pesquisa foi formado pelos agentes de comercialização de hortifrútis e especialistas da EMPASA (PB e CEASA-CE. Para analisar os dados utilizou-se a análise fatorial. Dentre os principais resultados da pesquisa, os respondentes atribuíram alta importância às variáveis relativas à gestão operacional e controle de mercadorias, as quais demandam melhoria na infraestrutura e na organização dos processos administrativos. É possível visualizar também que as variáveis logísticas são relacionadas aos fatores externos e internos.

  3. Elaboração e análise da confiabilidade de uma escala para avaliação dos movimentos generalizados em lactentes com riscos para o desenvolvimento neuromotor

    OpenAIRE

    Carolina Yuri Panvequio Aizawa

    2016-01-01

    Introdução: O aperfeiçoamento da assistência pré-natal e dos cuidados intensivos neonatais contribuiu para a redução da mortalidade dos recémnascidos (RN) com riscos para alterações do desenvolvimento neuromotor. Apesar destes avanços, a difícil previsão e prevenção de danos neurológicos está associada ao aumento de crianças com problemas graves como a Paralisia Cerebral (PC). Das avaliações disponíveis atualmente, a que possui melhor valor preditivo de danos neurológicos em bebês até os cinc...

  4. Acurácia dos indicadores de risco do Programa de Defesa da Vida dos Lactentes em região do Estado de São Paulo, Brasil Accuracy of risk indicators of an Infant Life Defense Program in a region of S. Paulo State, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Davi Rumel

    1992-02-01

    Full Text Available O Programa de Desfesa da Vida dos Lactentes da Secretaria de Higiene e Saúde do Munícipio de Bauru tem um critério diagnóstico para a inclusão de recém-nascidos dentro do programa. Este critério é formado pela combinação de 11 indicadores clínicos e sociais de risco à mortalidade infantil de fácil obtenção no momento do parto. Decidiu-se propor um critério diagnóstico alternativo, a partir dos mesmos indicadores clínicos e sociais, com maior sensibilidade para a mesma proporção de crianças matriculadas no Programa. Os dados hospitalares foram coletados no período de 11 de maio de 1986 a 10 de novembro de 1987. A mortalidade compreende o período entre 7 dias e 6 meses, que é o período de seguimento das crianças pelo Programa. Calculou-se para cada indicador o risco relativo bruto numa análise univariada e o risco relativo ajustado pela técnica de regressão logística. Criou-se um sistema de pontuação baseado na somatória dos excessos de risco de cada indicador.The Infant Life Defense Program of Health Department of Bauru City SP, Brazil, has diagnostic criteria for the inclusion of newborns. The diagnostic criteria combine eleven social and clinical indices of infant mortality risk, defined by in the light of a review of the literature and previous case studies. The indices are easily collected at the hospitals during delivery. The objective of this study is to propose an alternative diagnostic criteria, using the same social and clinical indices, of greater sensitivity and same proportion of children included in the program. The data on the newborns were collected between May 11, 1986 and November 10, 1987. The mortality period was defined as between 7 days and 6 months, which was the follow-up period for the infants enrolled in the program. The method of analysis was the determination for each index of the crude relative risk in a univariate analysis and the adjusted relative risk using the logistic regression

  5. Via, homem e veiculo: fatores de risco associados a gravidade dos acidentes de transito

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosa Livia Freitas de Almeida

    2013-08-01

    Full Text Available OBJETIVO Analisar as características das vítimas, vias e veículos envolvidos em acidentes de trânsito e os fatores de risco de acidentes com ocorrência de óbito.  MÉTODOS Estudo de coorte não concorrente considerando os acidentes de trânsito em Fortaleza, CE, de janeiro de 2004 a dezembro de 2008. Foram utilizados dados do Sistema de Informação de Acidente de Trânsito de Fortaleza, do Sistema de Informações de Mortalidade, do Sistema de Informações Hospitalares e dos bancos de dados de Habilitação e Veículos do Departamento Estadual de Trânsito. Técnicas de relacionamento determinístico e probabilístico foram aplicadas para integrar as bases de dados. Efetuou-se a análise descritiva das variáveis relativas às pessoas, às vias, aos veículos e ao tempo. Foram utilizados os modelos lineares generalizados na investigação de fatores de risco para óbito por acidente de trânsito. O ajuste do modelo foi verificado pela razão de verossimilhança e análise ROC.  RESULTADOS Registraram-se 118.830 acidentes no período. Predominaram colisão/abalroamento (78,1%, atropelamentos (11,9% e choque com obstáculo fixo (3,9% e com motocicletas (18,1%. Ocorreram óbitos em 1,4% dos acidentes. Estiveram independentemente associados ao óbito por acidente de trânsito: bicicletas (OR = 21,2; IC95% 16,1;27,8, atropelamentos (OR = 5,9; IC95% 3,7;9,2, choque com obstáculo fixo (OR = 5,7; IC95% 3,1;10,5 e acidentes com motociclistas (OR = 3,5; IC95% 2,6;4,6. Os principais fatores contribuintes foram envolvimento de uma única pessoa (OR = 6,6; IC95% 4,1;10,73, presença de condutores não habilitados (OR = 4,1; IC95% 2,9;5,5 um único veículo envolvido (OR = 3,9; IC95% 2,3;6,4, sexo masculino (OR = 2,5; IC95% 1,9;3,3, tráfego em vias de jurisdição federal (OR = 2,4; IC95% 1,8;3,7, horário madrugada (OR = 2,4; IC95% 1,8;3,0 e dia de domingo (OR = 1,7; IC95% 1,3;2,2, todas ajustadas segundo modelo log-binomial.  CONCLUSÕES As a

  6. Riscos de acidentes com materiais perfurocortantes no setor de urgência de um hospital público Risks of accidents with needlestick materials at the urgency sector of a public hospital

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisca Francineide Andrade da Silva

    2016-10-01

    Full Text Available Objetivo: Conhecer os fatores de risco relacionados aos acidentes com material perfurocortante presente no trabalho dos técnicos de enfermagem do setor de atendimento de urgência de um hospital público. Método:Trata-se de um estudo descritivo, de abordagem qualitativa realizado com 14 profissionais. Os dados foram obtidos por meio de entrevistas semi-estruturadas, no período de julho a setembro de 2010 e analisados seguindo a análise temática categorial. Resultados: As categorias emergidas dos discursos dos entrevistados foram: situações de urgências e emergências, adesão aos Equipamentos de Proteção Individual, Descuido e armazenamento inadequado do material perfurocortante. Conclusão: Observou-se que as condições de trabalho no setor de urgência necessitam ser revistas, a fim de oferecer um ambiente adequado para minimizar os riscos ocupacionais durante o desenvolvimento dos procedimentos de enfermagem. Descritores: Saúde do trabalhador, riscos ocupacionais, fatores de risco.

  7. Os organismos geneticamente modificados e a rotulagem dos alimentos - uma análise a partir dos direitos dos consumidores

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcello Vitor Rocha Cota

    2015-11-01

    Full Text Available Ao longo do presente trabalho serão analisados os organismos geneticamente modificados (OGMs frente aos riscos à saúde alimentar e ao meio ambiente, sobretudo o princípio da precaução e a rotulagem dos produtos. A partir de uma dimensão comparativa de três realidades distintas, isto é, a estadunidense, a europeia, com ênfase mercado ao português, e a brasileira – sob um prisma ambiental, a rotulagem dos produtos será confrontada com os direitos dos consumidores, embora em determinadas ocasiões, diante da inexistência de informações adequadas e claras dos produtos, que estão sendo ofertados e consumidos, os consumidores não sabem o que estão consumindo.

  8. Fatores psicológicos de risco e protetores associados à ideação Suicida em Adolescentes

    OpenAIRE

    Brás, Marta; Jesus, Saul; Carmo, Cláudia

    2016-01-01

    Os adolescentes são referenciados como um grupo de risco de suicídio, no Plano Nacional de Prevenção do Suicídio (DGS, 2013), pelo que importa estudar a sua vulnerabilidade psicológica para os atos suicidas. O presente estudo teve como principal objetivo estudar a relação dos fatores psicológicos de risco e de proteção com a ideação suicida. A amostra foi constituída por 344 adolescentes, com idades compreendidas entre os 14 e os 19 anos (M = 16,97; DP = 1,11), dos quais 144 eram do sexo masc...

  9. Forma clínica e fatores de risco associados ao estrabismo na binocularidade visual

    OpenAIRE

    Maria Nice Araujo Moraes Rocha; Aline Sanches; Flávia Fernandes Pessoa; Gladsonda Silva Braz; Larah Pereira Rego; Luíza Jácomo Auad; Pâmela de Castro Araujo Ribeiro

    2016-01-01

    RESUMO Objetivo: Identificar e analisar fatores de risco associados ao estrabismo, dados oftalmológicos e antecedentes pessoais e familiares. Métodos: Estudo prospectivo, descritivo e analítico realizado com 240 pacientes que consultaram pela primeira vez nos ambulatórios de estrabismo. Foram avaliadas a frequência e associação entre estrabismo, dados de exames oftalmológicos e antecedentes pessoais e familiares para identificação dos fatores de risco. Resultados: Observou-se maior prevalê...

  10. Atividade do mototaxista: riscos e fragilidades autorreferidos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariéli Brum da Silva

    2011-12-01

    Full Text Available Pesquisa descritiva, de abordagem qualitativa que teve como objetivo identificar riscos ocupacionais e fragilidades autorreferidas por mototaxistas. Os dados foram coletados, no primeiro semestre de 2010, mediante entrevistas junto a doze mototaxistas, convidados a participar, e que trabalham em dois pontos centrais de um município do interior do estado do Rio Grande do Sul. Os dados foram tratados por meio da análise temática, a partir da qual foram reveladas cinco categorias. De acordo com a percepção dos sujeitos, os acidentes e os assaltos representam os maiores riscos da profissão. Pode-se inferir que ações de educação em saúde e de prevenção de agravos podem ser estratégias governamentais e não governamentais que agregam valor à saúde e segurança destes trabalhadores.

  11. Aspectos históricos dos estudos caso-controle

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rêgo Marco Antônio Vasconcelos

    2001-01-01

    Full Text Available Este texto apresenta um relato da evolução dos estudos de caso-controle (ECC até o final dos anos 80. A comparação de dois grupos quanto à exposição a um fator de risco é verificada desde o século XVII. A segunda metade do século XIX significou o declínio da Epidemiologia das "populações", e os primeiros ECC só foram realizados na década de 20. O avanço do método ocorreu na segunda metade do século, com destaque para as investigações sobre câncer de pulmão e hábito de fumar. As principais contribuições dos estudiosos do método foram o uso da odds ratio como estimativa do risco relativo; a definição dos aspectos estatísticos da análise de dados de estudos retrospectivos; o cálculo do risco atribuível e da fração etiológica para ECC; e a discussão da essência dos ECC. Os críticos referiam as fragilidades do método e a susceptibilidade aos bias. Conclui-se que os ECC tiveram aplicação crescente nas últimas décadas, sendo utilizados em diversas áreas da epidemiologia, constituindo-se em um importante instrumento para as ações de Saúde Pública.

  12. Aplicação do CF@R e de cenários de stress no gerenciamento de riscos corporativos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flávia Vital Januzzi

    2012-09-01

    Full Text Available O presente estudo compara dois métodos para estimação do fluxo de caixa em risco (CF@R, a saber: o modelo autorregressivo integrado com médias móveis (ARIMA e o método de vetores autorregressivos com mecanismo de correção de erros (VAR/VECM com variáveis exógenas, ambos aplicados ao contexto do setor elétrico brasileiro. O artigo contribui com a literatura existente pela aplicação de dois métodos com o objetivo de escolher as melhores estimativas de CF@R, objetivando melhorar o gerenciamento dos riscos corporativos: o backtesting das estimativas de fluxo de caixa em risco e a geração de cenários de stress, ambos usando simulação de Monte Carlo. A última técnica averiguou os impactos de cenários extremos (obtidos a partir da distribuição dos fatores de risco, tais como o racionamento de energia, sobre a estimativa futura do fluxo de caixa operacional.

  13. Riscos no ambiente de trabalho no setor de panificação: um estudo de caso em duas indústrias de biscoitos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Mota de Vasconcelos

    2015-09-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo identificar e analisar os riscos no ambiente de trabalho no setor de panificação em duas indústrias de fabricação de biscoitos de pequeno porte. O levantamento de dados foi feito de forma qualitativa, com identificação e avaliação dos fatores de riscos ambientais ocupacionais (físicos, químicos, biológicos, ergonômicos e de acidentes, observando as normas ISO 14001, OHSAS 18001, AS/NZS 4360, NBR 14009, NBR 14153 e as Normas Regulamentadoras (NR do Ministério do Trabalho e Emprego. Também foram realizadas medições dos índices de exposição ao ruído e ao calor, conforme a NR 15 e do nível de iluminância nos ambientes, conforme a NR 17. As empresas (denominadas “A” e “B” apresentaram níveis de riscos distintos, classificados como triviais, toleráveis, moderados e substanciais. Dos parâmetros de riscos avaliados, identificou-se que a empresa “B” foi a que apresentou maior exposição ao risco com potencial de causar danos à saúde e à integridade física dos seus trabalhadores, havendo necessidade imediata de intervenção. A partir das indústrias avaliadas, foi possível verificar que, mesmo em meio às exigências legais, as questões relacionadas à saúde e segurança no trabalho são muitas vezes consideradas como fator secundário. Os cuidados relacionados à qualidade, higiene e segurança dos seus produtos são sempre priorizados. Ressalta-se que os gastos efetuados com a prevenção de acidentes e doenças do trabalho devem ser vistos como investimentos, uma vez que poderão contribuir para melhor qualidade de vida dos profissionais, com possibilidades de maximização das atividades por eles desempenhadas.

  14. Transtorno de déficit de atenção/hiperatividade, comorbidades e situações de risco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo C. Reinhardt

    2013-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: O transtorno de déficit de atenção/hiperatividade (TDAH apresenta alta prevalência, e seus sintomas apresentam-se frequentemente como um problema de saúde pública considerável. Assim, o objetivo desta revisão é verificar estas situações de urgência provocadas por determinadas comorbidades, ou por expor o paciente a um maior risco de acidentes. FONTE DOS DADOS: Foi realizada uma pesquisa bibliográfica na base de dados PubMed entre os anos de 1992 e 2012, utilizando os descritores "adhd", "urgency", "comorbidity", "substance disorder", "alcohol", "eating disorder", "suicide", "trauma", "abuse", "crime", "internet", "videogame", "bullying", e suas combinações. A seleção dos artigos considerou aqueles mais relevantes de acordo com a abrangência do tema proposto, de forma não sistemática. SíNTESE DOS DADOS: Foram encontradas diversas situações em que o TDAH é o diagnóstico psiquiátrico mais relevante em relação à urgência, como risco de acidentes, risco de suicídio e adição, exposição à violência ou risco de abuso de internet ou abuso sexual; ou então o TDAH é a comorbidade mais prevalente e está igualmente correlacionada à urgência, como no transtorno de humor bipolar e nos transtornos alimentares. CONCLUSÕES: Nossos resultados mostram diversas comorbidades e situações de risco envolvendo o diagnóstico de TDAH e, assim, reforçam a importância de serem reconhecidas para um tratamento adequado deste transtorno.

  15. Critical notes on microbiological risk assessment of food Avaliação de risco microbiológico em alimentos: avaliação crítica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Martine W. Reij

    2000-03-01

    Full Text Available Although numerous papers on Microbiological Risk Assessment (MRA of food products have been published, a number of issues related to it remain unresolved. This paper explains the role of Microbiological Risk Assessment in the context of Risk Analysis as outlined by Codex Alimentarius. It reviews some representative work in the area, with particular emphasis on the objectives, outputs and conclusions of the studies, and on how researchers propose using the resulting Risk Estimate for decision making. Several problems and sources of confusion concerning MRA are identified, such as terminology, the application of Risk Estimates to establish Food Safety Objectives and microbiological criteria for foods, lack of data, and the difference between Risk Assessment and the Hazard Analysis and Critical Control Point system (HACCP. In the context of Codex Alimentarius, MRA was developed as a tool for decision making and priority setting by government risk managers. However, elements of Risk Assessment can be used for other purposes. A transparent description of a Risk Assessment study is useful for Risk Communication. Industrial food safety managers can compare the effect of various hypothetical production scenarios using estimates of the level and the probability of a pathogen in the product at the time that it is consumed. This limited form of Risk Assessment could better be called Safety Assessment, and can be used as a tool for food product and process development.Embora inúmeros artigos já tenham sido publicados sobre Avaliação de Risco Microbiológico em alimentos, vários aspectos relacionados ao assunto continuam incompletos. O presente artigo explica o papel da Avaliação de Risco Microbiológico no contexto da Análise de Risco, segundo o Codex Alimentarius. Este trabalho revê alguns artigos representativos na área, com particular ênfase nos objetivos, resultados e conclusões dos estudos, e em como os pesquisadores usam os resultados do

  16. Risco presumido para doenças cardiovasculares em servidores de uma universidade estadual do Paraná, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carmen Antonia Sanches Ito

    2014-09-01

    Full Text Available Segundo o Ministério da Saúde, há uma carência de informações epidemiológicas relativas a fatores de risco relacionados às doenças crônicas não transmissíveis e que podem ser evitáveis, em sua maioria, com a modificação de estilo de vida, detecção precoce e o controle oportuno, Dentre estas, destacam-se as doenças cardiovasculares, as quais, segundo dados da Secretaria de Saúde do Paraná, apresentam maior impacto sobre a mortalidade, O objetivo deste trabalho foi avaliar a saúde dos servidores da Universidade Estadual de Ponta Grossa por meio do risco total presumido em desenvolver doenças do aparelho circulatório, de acordo com o Escore de Framingham e ocorrência de fatores de risco modificáveis, Para tanto, aplicou-se inquérito epidemiológico e determinaram-se parâmetros antropométricos, parâmetros laboratoriais e pressão arterial, As análises laboratoriais foram realizadas no Laboratório Universitário de Análises Clínicas em rotina automatizada, Os resultados revelaram o risco absoluto de infarto (calculado usando o Escore de Framingham e morte em 10 anos, Segundo este critério, 78 dos 86 voluntários enquadraram-se em baixo risco no desenvolvimento de doenças cardiovasculares, Entretanto, a ocorrência de fatores de risco modificáveis, como sobrepeso e obesidade, tabagismo e hipertensão, aponta para a necessidade de medidas educativas e preventivas em relação aos fatores de risco observados nos servidores da Universidade, os quais devem ser alvos de um programa de saúde que contemple esses aspectos.

  17. Atributos dos solos e riscos de lixiviação de metais pesados em solos tropicais / Soil attributes and risk of leaching of heavy metals in tropical soils

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Milton César Costa Campos

    2010-12-01

    Full Text Available A influência nociva dos íons metálicos no ecossistema via contaminação das águas, dos solos e consequentemente dos organismos vivos nos últimos anos têm despertado grande interesse na compreensão do comportamento e dos mecanismos de transporte dos metais no solo e em outros compartimentos do ambiente. Sendo assim, o objetivo desta revisão foi discutir aspectos do solo e suas relações com o comportamento dos metais pesados e seus possíveis riscos de lixiviação. É sabido que de maneira geral, os metais pesados comportam-se no solo dependendo dos seguintes atributos, pH, quantidade de matéria orgânica, potencial redox, tipologia e quantidade da argila. Por outro lado, em ecossistemas tropicais, onde predominam solos altamente intemperizados, a movimentação dos metais pesados no perfil do solo é governada principalmente pelo regime hídrico, capacidade de retenção do solo e posição do solo na paisagem. Apesar da importância do tema, os estudos ainda são bastante incipientes e preliminares, necessitando de investigações mais aprofundadas que enfatize as particularidades de cada elemento e suas interações no solo em ecossistemas tropicais, possibilitando o estabelecimento de ações preventivas para evitar a contaminação dos recursos naturais.

  18. Riscos ocupacionais autorreferidos por trabalhadores de uma indústria de produção de fertilizantes – RS – Brasil

    OpenAIRE

    Liane Silveira da Rosa; Leticia Machado Pereira; Leticia Silveira Cardoso; Marta Regina Cezar-Vaz; Valdecir Zavarese da Costa

    2016-01-01

    Objetivo: descrever a exposição a riscos ocupacionais autorreferida por trabalhadores de uma indústria de fertilizantes sólido e líquido no Extremo Sul do Rio Grande do Sul – Brasil. Método: estudo descritivo, realizado com 78 trabalhadores, dos quais 49 atuavam no setor de produção e 29 no de movimentação e ensaque. Produziu-se uma análise quantitativa, aplicando-se a estatística descritiva para apresentar as características dos trabalhadores e a exposição aos riscos ocupacionais autorreferi...

  19. Apoio social e comportamentos de risco na adolescência = Social support and risk behavior in adolescence = Apoyo social y comportamientos de riesgo en la adolescencia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alves, Cássia Ferrazza

    2015-01-01

    Full Text Available O apoio social tem sido considerado fator de proteção ao engajamento de adolescentes em comportamentos de risco. Este estudo investigou a relação entre apoio social e comportamentos de risco (comportamentos sexual, infracional, suicida e uso de substâncias em 374 adolescentes de Porto Alegre, entre 12 e 18 anos, de escolas públicas. Os instrumentos utilizados foram uma escala de apoio social e questões que avaliaram comportamentos de risco. Análises foram realizadas com teste t de Student, Correlações de Pearson e Análise de Regressão Múltipla. Os resultados indicaram maior envolvimento em comportamentos de risco em adolescentes mais velhos e diferenças por sexo (meninos envolveram-se mais em comportamento infracional e sexual de risco e as meninas em comportamento suicida. O apoio da família e dos professores esteve associado ao menor envolvimento nesses comportamentos e o apoio dos amigos ao maior engajamento. Estratégias de prevenção e intervenção direcionadas aos jovens devem considerar a influência dessas variáveis na adesão aos comportamentos de risco

  20. Percepção de riscos do uso de agrotóxicos por trabalhadores da agricultura familiar do município de Rio Branco, AC

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thais Blaya Leite Gregolis

    Full Text Available OBJETIVO: Conhecer as percepções de risco associadas ao uso de agrotóxicos no trabalho rural de pequenos produtores rurais. MÉTODO: Estudo de percepção de riscos relacionados ao trabalho rural, realizado entre o segundo semestre de 2008 e o primeiro de 2009, com base na avaliação psicológica de 42 pequenos agricultores do município de Rio Branco, AC, por meio de questionário estruturado com questões abertas e fechadas e aplicação de escalas psicométricas. RESULTADOS: Entre as mulheres, destacou-se a invisibilidade dos riscos associados ao uso desses agentes químicos no seu cotidiano de trabalho. A maioria das mulheres participantes não percebia a seriedade dos problemas de saúde relacionados à exposição a agrotóxicos, nem identificava como perigosas as atividades de trabalho que desempenhava. Entre os homens, observou-se a construção de estratégias defensivas baseadas na negação dos riscos, tática utilizada por esses indivíduos como forma de permanecerem, dia após dia, inseridos em um processo de trabalho sabidamente injurioso. CONCLUSÃO: O estudo mostrou que a percepção de riscos daquele grupo de pequenos agricultores influencia suas práticas de trabalho e a forma como responde frente ao risco representado pelo uso de agrotóxicos, devendo ser, portanto, objeto de análise em ações de vigilância em saúde do trabalhador e no escopo de iniciativas de gerenciamento de riscos.

  1. Estudo da influência do Sarbanes-Oxley Act of 2002 sobre o gerenciamento do risco operacional em instituições financeiras brasileiras

    OpenAIRE

    Camazano, Magali Aparecida

    2008-01-01

    A desregulamentação e a globalização dos serviços financeiros associadas à sofisticação das tecnologias financeiras têm aumentado a complexidade das atividades bancárias e a conseqüente exposição dos bancos ao risco operacional. Casos diversos de perdas catastróficas relacionadas ao risco operacional se fizeram presentes nos últimos 10 anos, a exemplo da quebra do tradicional Barings Bank, na Inglaterra. Por decorrência, o Novo Acordo de Capital da Basiléia (Basiléia II), divul...

  2. A transferência de risco de crédito em cadeias de suprimentos

    OpenAIRE

    Jorge, Ricardo Reolon

    2010-01-01

    Este estudo teve com objetivo verificar a potencial transmissão de riscos de crédito entre empresas de uma mesma cadeia de suprimentos, o tempo em que ocorre a máxima transmissão e sua magnitude. As análises foram realizadas em cadeias de suprimentos conhecidas pela academia como cadeias enxutas e cadeias ágeis, limitando-se aos dois elos principais das cadeias selecionadas – comércio e indústria. Os resultados mostraram que a transmissão de risco de crédito é observável na maioria dos casos,...

  3. Avaliação do risco de crédito agregado: aplicação do Creditrisk

    OpenAIRE

    Silveira, Marcos de Andrade Melo da

    2007-01-01

    A Avaliação do risco de crédito agregado é um grande desafio para as empresas em todo mundo. O dinamismo do mercado e o desenvolvimento dos derivativos de crédito tornaram a gestão do risco de crédito fundamental para o negócio das instituições financeiras. Nas instituições não-financeiras, o foco na gestão do risco de crédito agregado ainda é pequeno, mas os benefícios e a necessidade de uma visão agregada da carteira já são identificados. No caso brasileiro, esse trabalho é dificultado devi...

  4. UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA NEONATAL: RISCOS FÍSICOS COMO FATORES POTENCIAIS DE AGRAVOS À SAÚDE DO TRABALHADOR

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Livia Maria Nunes de Almeida

    2014-08-01

    Full Text Available As UTIN constituem-se em setores onde são internados recém-nascidos em estado grave, em situações de risco, que necessitam de recursos técnicos e humanos especializados para sua recuperação, exigindo uma abordagem integral da saúde por uma equipe multidisciplinar, cujos membros estão expostos a riscos ambientais e ocupacionais diariamente. No Brasil, há inúmeros convênios e recomendações da Organização Internacional do Trabalho (OIT, aprovados pelas Normas Regulamentadoras (NR32, por intermédio do Ministério do Trabalho que têm como objetivo eliminar ou controlar os riscos ocupacionais. Este artigo teve por objetivo geral identificar as fontes potenciais dos riscos físicos presentes em uma UTIN localizada no interior do estado do Maranhão, capazes de gerar acidentes de trabalho e doenças ocupacionais. O método utilizado foi descritivo e exploratório, de campo, transversal com abordagem quantitativa. Os resultados apontaram como principais agravantes para os riscos a acidentes de trabalho: o teto com rachaduras, pisos de cor escura e sem proteção antiderrapante, armários e outros mobiliários em má conservação e instalações elétricas inadequadas. Quanto aos riscos físicos foram identificados o excesso de ruídos, o calor e a radiação. Concluiu-se ser necessário o desenvolvimento de estudos que discutam os riscos a que os profissionais da saúde da UTIN estão expostos e suas implicações, de modo a oferecer segurança a esses profissionais durante suas atividades laborais, possibilitando, consequentemente, a prestação de uma assistência de qualidade.

  5. Assessment of human health risk from organochlorine pesticide residues in Cidade dos Meninos, Duque de Caxias, Rio de Janeiro, Brazil Avaliação de risco à saúde humana por resíduos de pesticidas organoclorados em Cidade dos Meninos, Duque de Caxias, Rio de Janeiro, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carmen Ildes R. Fróes Asmus

    2008-04-01

    Full Text Available This article presents the results of a heath risk assessment in Cidade dos Meninos, an area contaminated with organochlorine pesticide residues located in the county (municipality of Duque de Caxias, Rio de Janeiro State, Brazil. The Agency for Toxic Substances and Disease Registry (ATSDR risk assessment methodology was applied. The following organochlorine compounds exceeded the established limits and were considered target pollutants: HCH and its isomers (in eggs, milk, and soil; DDT and its metabolites; trichlorobenzenes; trichlorophenols; dioxins and furans (eggs and soil. For all the substances studied (with the exception of trichlorophenols, the estimated doses exceeded the minimum risk levels for chronically exposed children and adults. According to the ATSDR classification, the area was considered an "urgent public health hazard" because of its high and serious exposure to substances that are dangerous to human health.Cidade dos Meninos é uma área localizada no Município de Duque de Caxias, Rio de Janeiro, Brasil, onde ocorreu contaminação ambiental por deposição de pesticidas organoclorados. Este artigo apresenta os resultados de um estudo de avaliação de risco para a saúde da população residente, utilizando-se a metodologia de avaliação de risco à saúde da Agency for Toxic Substances and Disease Registry. Os seguintes compostos organoclorados superaram as normas estabelecidas e foram considerados contaminantes de interesse: hexaclorociclohexano (HCH e seus isômeros (ovo, leite, solo; tricloro-bis-(clorofenil-etano (DDT e seus metabólitos (ovo, leite, solo; triclorobenzenos (solo; triclorofenóis (solo; dioxinas e furanos (ovo, solo. Para todos os compostos estudados, exceto triclorofenóis, na situação de exposição crônica, as doses estimadas estavam acima dos níveis mínimos de risco à saúde, para crianças e adultos. A área foi classificada como de perigo urgente para a saúde pública por exposição de

  6. Percepção de risco e excesso de velocidade Risk perception and speeding

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Iara Picchioni Thielen

    2008-01-01

    Full Text Available Este trabalho discute percepção de riscos no trânsito, comparando um grupo de motoristas infratores a um grupo de motoristas sem multas por excesso de velocidade. O objetivo da pesquisa foi explicitar a interação entre a norma de velocidade e o comportamento de excesso de velocidade. Nas justificativas para o excesso de velocidade, foram identificados importantes fatores na determinação da percepção de risco: controle (centralizado no motorista, minimização do risco (a velocidade na qual eles transitam não oferece riscos, confiança (eles se julgam hábeis motoristas e podem definir o que é excesso de velocidade e falta de credibilidade nas instâncias que devem gerenciar as ameaças. Os infratores revelam uma construção cognitiva de invulnerabilidade pessoal, associada a um otimismo irrealista e autopercepção superavaliada, aliadas a uma exagerada percepção de controle sobre o ambiente, centralizado em sua perícia e habilidade. Não há diferença de percepção de riscos entre os motoristas dos dois grupos. Não há correspondência entre riscos objetivos e riscos percebidos, pois os motoristas dos dois grupos percebem riscos objetivos genericamente considerados, porém descontextualizados da potencialidade para acidentes embutida em diferentes velocidades.This paper discusses risk perception comparing drivers with and without fines for speeding. The research aimed to show the interaction between speeding laws and speeding behavior. Speeders' explanations for their behavior revealed important factors in the determination of risk perception: control (driver-centered, risk minimization (drivers claimed there was no risk involved in the way they speeded, self-confidence (they considered themselves good drivers and believed they were able to define what constitutes speeding, and lack of credibility in the institutions that manage traffic risks. Speeders display a cognitive construct of personal invulnerability combined with

  7. Percepção de Mudanças Climáticas e Riscos Ambientais Urbanos no Varjão - Distrito Federal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabíola Heidrich Oliveira

    2012-12-01

    Full Text Available Este estudo analisa a percepção de líderes co- munitários sobre riscos ambientais e impactos da mudança climática na cidade do Varjão, Distrito Federal, um lugar caracterizado por vulne- rabilidade social e ambiental. Foram abordadas, também, as estratégias de comunicação de risco e de percepção de riscos ambientais pela administração local. O método aplicado utilizou pesquisa exploratória com base em entrevistas com moradores e observações dos pesquisadores. Os resultados revelaram que os entrevistados têm a percepção de que as mudanças climáticas significam riscos para a segurança do assentamento e essa percepção provoca “medo” na maioria dos entrevistados. Os principais ris- cos ambientais percebidos pela comunidade no Varjão estão associados a chuvas fortes, enxurradas e inundações, fatos ainda não assimilados como riscos ambientais por parte da administração local que, portanto, não possui programa de ações corretivas para tais ocorrências.

  8. Destino ambiental dos agrot?xicos e avalia??o de risco ambiental e humano nos munic?pios de Manaus, Iranduba e Careiro da V?rzea, no Estado do Amazonas

    OpenAIRE

    Campos, Paola Souto

    2009-01-01

    O plantio de frutas e hortali?as no Estado do Amazonas est? sendo realizado com intensivo uso de agrot?xicos. Esta utiliza??o abusiva e incorreta pode estar acarretando a contamina??o ambiental e tamb?m dos agricultores e consumidores das frutas e verduras produzidas. Desta forma, o objetivo deste trabalho foi avaliar o risco para o ambiente e a sa?de humana associado ao uso de agrot?xico em ?reas agr?colas do munic?pio de Manaus, Iranduba e Careiro da V?rzea. Res?duos de agrot?xicos (deltame...

  9. Método para avaliação do Risco Potencial no âmbito dos Laboratórios Oficiais – Método ARP-LAB / Evaluation Method of Potential Risk under the Official Laboratories: EPR-LAB Method

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elizabeth Valverde Macedo

    2015-08-01

    Full Text Available O homem encontra-se exposto a inúmeros produtos tecnológicos, e dentre eles os medicamentos, que geram riscos cada vez mais próximos do imponderável. Duas áreas, com ampla inclusão em vários campos do conhecimento, permeiam o ambiente dos laboratórios envolvidos no monitoramento da qualidade destes produtos. Estas são a metrologia e o risco. O objetivo deste trabalho foi elaborar um Método para Avaliação do Risco Potencial dos laboratórios onde são realizados ensaios em medicamentos (Método ARP-LAB, minimizando assim os resultados com confiabilidade analítica duvidosa. A metodologia utilizada foi baseada no Modelo de Avaliação de Risco Potencial. A referência técnica foi a RDC 11/12 – ANVISA/MS que, após análise crítica, resultou na elaboração de Indicadores de Controle do Risco (ICR que foram planificados no software Excel®. Como resultado, o Método ARP-LAB apresentou 167 ICR que, apesar do grande número de indicadores, mostrou-se bastante útil, aplicável e de fácil utilização ao ambiente laboratorial. Através dele é possível identificar as categorias das causas associadas ao desvio de cada ICR. ----------------------------------------------------------------------------------------------- Humans are exposed to numerous technological products, among them are drugs with increasingly varied risks. Two areas of investigation permeate the environment of laboratories involved in monitoring drug quality. These are metrology and risk. The objective of this study was to elaborate an Evaluation Method of Potential Risk (EPR-LAB Method for drug testing laboratories, minimizing analytical results with questionable reliability. The methodology used was based on the Model of Potential Risk Evaluation. The technical reference was the RDC 11/12 - ANVISA / MS. After critical analysis this study resulted in the development of Risk Control Indicators (RCI that were planned in the Excel software. The EPR-LAB Method developed

  10. Riscos ocupacionais e gestão ergonómica em postos de trabalho com utilização de equipamento informático

    OpenAIRE

    Neto, Signalda de Sousa

    2015-01-01

    Os riscos ocupacionais têm sido uma problemática nos postos de trabalho dotados de visor. Esta problemática carece de um estudo mais aprofundado, uma vez que a prevenção contínua contribui para o sucesso dos locais de trabalho. Este estudo pretende descrever a incidência/prevalência dos riscos laborais a que os profissionais cuja atividade requer o uso de equipamento de informática estão expostos. O objeto de estudo concentra a recolha de várias informações nos colaboradores, d...

  11. Análise da associação entre índices de risco ao desenvolvimento infantil e produção inicial de fala entre 13 e 16 meses

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anelise Henrich Crestani

    2015-02-01

    Full Text Available OBJETIVOS: investigar a associação entre presença de risco ao desenvolvimento infantil e produção inicial de fala de crianças na faixa de 13 a 16 meses de idade e analisar o valor preditivo dos índices de risco ao desenvolvimento infantil em relação à aquisição inicial da linguagem. MÉTODOS: a amostra foi constituída de 52 díades mães-bebês, seguidas em estudo de coorte de zero aos 18 meses, por meio dos Índices de risco ao desenvolvimento infantil e avaliadas quanto à produção de fala entre 13 e 16 meses por meio de lembranças espontâneas das mães e da observação do comportamento infantil. Os dados foram organizados em categorias e lançados para a análise estatística no aplicativo computacional STATISTICA 9.0. RESULTADOS: a aquisição da linguagem inicial, medida pelo número de palavras faladas pelo bebê, difere de modo significante na presença de riscos ao desenvolvimento na primeira fase (0 - 4 meses e considerando bebês que apresentaram risco em alguma das quatro fases (0 - 18 meses, visto que bebês com risco apresentam número de produção de vocábulos estatisticamente inferior em relação aos sem risco. CONCLUSÃO: pela análise dos resultados a pesquisa demonstrou associação estatística entre risco ao desenvolvimento infantil e produção inicial de fala. Quanto maior o risco menor a produção de fala.

  12. ANÁLISE DE RISCO DAS OPERAÇÕES DE MICROCRÉDITO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eliana Marcia Martins Fittipaldi Torga

    2017-08-01

    Full Text Available No Brasil, o microcrédito tem sido aplicado para o combate à pobreza e estímulo ao crescimento e desenvolvimento econômico. É uma operação de crédito que constitui um dos temas relevantes estudados pela área da administração financeira. Esta pesquisa buscou investigar mediante a utilização das técnicas de duração e convexidade, qual é o risco das operações de microcrédito realizadas por bancos governamentais brasileiros e abordou o tema com relação á gestão de risco de crédito. Este estudo verificou que as oscilações nas taxas constituem um risco, que pode causar problemas nos resultados financeiros das Instituições de Microfinanças se os retornos obtidos no cumprimento das obrigações contratadas passarem a ser insuficientes. As parcerias institucionais com agências de desenvolvimento podem se constituir um importante fator para garantir a concessão de crédito. Sugerem-se novos estudos para a análise das regulamentações do setor, os métodos de concessão e a avaliação de risco das operações.

  13. QUEMERINA E FATORES RELACIONADOS AO RISCO CARDIOVASCULAR EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanessa Sequeira Fontes

    2018-01-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo: Sintetizar os achados sobre a quemerina e os fatores relacionados ao risco cardiovascular em crianças e adolescentes. Fontes de dados: Realizou-se uma revisão sistemática de acordo com os itens propostos pela diretriz PRISMA nas bases de dados PubMed, Science Direct e Lilacs. Utilizaram-se os descritores chemerin de forma associada a children e adolescent, sem limite de tempo. A pesquisa limitou-se a artigos originais realizados com seres humanos, em língua inglesa, excluindo-se a população adulta e idosa, assim como os artigos de revisão, comunicação breve, cartas e editoriais. Síntese dos dados: Após análise dos estudos por dois revisores, de forma independente, segundo os critérios de elegibilidade, permaneceram na revisão sete artigos, publicados entre 2012 e 2016. Foram incluídos estudos de delineamento transversal, prospectivo, coorte e caso-controle. A importância da adipocina quemerina nos fatores de risco para doenças cardiovasculares é demonstrada por meio de sua associação com obesidade e diabetes melito, assim como com parâmetros clínicos, antropométricos e bioquímicos. Entretanto, a força da evidência dos estudos é relativamente baixa, em função da heterogeneidade das publicações, destacando-se como limitações o número reduzido das amostras e sua ausência de representatividade, a falta de padronização dos métodos de dosagem, o delineamento transversal de grande parte dos estudos e a impossibilidade de extrapolação dos resultados. Conclusões: A desregulação da quemerina provocada pelo aumento de tecido adiposo pode contribuir para o aparecimento de doenças cardiovasculares, sugerindo que tal adipocina tem papel relevante na identificação precoce de indivíduos em risco.

  14. Análise da percepção de risco e vulnerabilidade a partir dos alunos do ensino médio na vivência de Nova Friburgo RJ após desastre natural de 2011

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Denise Gonzalez

    2016-06-01

    Full Text Available A precipitação intensa num intervalo de poucas horas, causou uma série de deslizamentos de encostas e enchentes e/ou inundações de rios na Região Serrana do Estado do Rio de Janeiro, Brasil, especialmente no município de Nova Friburgo no mês de janeiro de 2011. Baseada na vivência dos alunos do 1º ano do Ensino Médio de dois colégios da rede estadual de ensino, esta pesquisa se utilizou do fato desta região ter sofrido este evento extremo. Observou-se a percepção de risco dos alunos através do que viveram e com os conteúdos da geografia Com o aplicativo Google Earth,foi elaborado o mapa de área de risco pelos mesmos, havendo uma comparação entre os resultados encontrados nas duas escolas, além de confrontá-los com dados da prefeitura sobre o assunto. Além disso, houve a análise da vulnerabilidade da população a partir de mapas temáticos com base no censo do IBGE(2010.

  15. Risco crescente de melanoma de pele no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guinar Azevedo e Silva Mendonça

    1992-08-01

    Full Text Available A ocorrência de melonoma maligno de pele no Brasil é analisada a partir dos dados de mortalidade disponíveis no Ministério da Saúde e dos dados de incidência dos seis Registros de Câncer de Base Populacional, localizados em seis capitais brasileiras. Os coeficientes de incidência nessas capitais situam-se em padrões intermediários se comparadas às cifras mundiais. Para o Município de Porto Alegre, uma das capitais estudas, que apresentou os maiores coeficientes de incidência, é feita comparação entre os dados relativos ao período 1979-1982 e 1987, constatando-se que houve aumento relativo de 38% entre homens e de 11% entre mulheres. Concluiu-se pela necessidade de se conduzir estudos no Brasil entre comunidades de indivíduos de pele clara, os quais apresentam risco potencializado para o desenvolvimento de melanoma, para que sejam definidas medidas específicas e eficazes de controle.

  16. Estudo das freqüências dos principais fatores de risco para acidente vascular cerebral isquêmico em idosos Study of the main risk factors frequencies for ischemic cerebrovascular disease in elderly patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sueli Luciano Pires

    2004-09-01

    Full Text Available Foram estudados retrospectivamente 262 pacientes com diagnóstico clínico de acidente vascular cerebral isquêmico (AVCi permanente, com idade igual ou superior a 60 anos, selecionados dos 1015 registros da Liga de Aterosclerose da Clínica Neurológica da ISCMSP, de 1990 a 2002. O estudo focalizou as freqüências dos fatores de risco modificáveis para AVCi nesta população idosa, considerando-se sexo e faixa etária dos pacientes. Os resultados evidenciaram que a hipertenção arterial sistêmica é significativamente freqüente (87,8% entre pacientes idosos com AVCi, independentemente do sexo e da faixa etária. Tabagismo (46,9% e etilismo (35,1% revelaram-se fatores de riscos modificáveis freqüentes especialmente entre os homens. As cardiopatias (27,0%, o Diabete Melito (19,9% e as dislipidemias (15,6% também se revelaram fatores de risco modificáveis freqüentes em pacientes idosos com AVCi, em ambos os sexos e em ambas as faixas etárias estudadas (60 a 70 anos e mais que 71 anos. Foi relativamente baixa a freqüência de hiperuricemia nesta amostra.Two hundred and sixty two patients with clinical diagnosis of permanent ischemic stroke, all of them aged 60 or more were retrospectively studied from the 1015 cerebrovascular diseases (CVD records of the Atherosclerosis Ligue of the Neurology Clinics of the ISCMSP, from 1990 to 2002. The study emphasized modifiable risk factors frequencies for ischemic stroke in this population, considering gender and age of the patients. Results have evidenced that systemic arterial hypertension is a main risk factor significantly frequent in old people (87.8%, independently of gender and age. Smoking (46.9% and alcohol consumption (35.1% have revealed to be very frequent important modifiable risk factors especially among men. Lower frequencies have been presented for cardiac diseases (27.0%, Diabetes Melitus (19.9%, and dislipidemia (15.6% as risk factors for ischemic stroke in old people of both

  17. Fatores de risco na adolescência: discutindo dados do DF

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kátia Tarouquella Brasil

    2006-12-01

    Full Text Available Este estudo teve por objetivo investigar e discutir situações de risco psicossocial em adolescentes do Distrito Federal tomando por base a Teoria dos Sistemas Ecológicos. Foram aplicados 852 questionários em adolescentes de escolas públicas do DF, localizadas em regiões previamente selecionadas e com indicadores de risco psicossocial. Os resultados mostram que a violência, as tentativas de suicídio, a presença de drogas e a sexualidade são fatores de risco para os jovens. Contudo, estes adolescentes têm desenvolvido estratégias efetivas para a promoção de sua saúde, como o uso de preservativos nas relações sexuais, a convivência familiar cotidiana, a expectativa de apoio de vizinhos e líderes comunitários. Percebe-se que esta pode ser uma realidade específica do DF e salienta-se a necessidade de construção de Políticas Públicas que beneficiem as questões de prevenção à violência intrafamiliar, e também a obtenção de sustentabilidade econômica destes jovens.

  18. Relacionamento entre gerenciamento de risco e sucesso de projetos Relationship between risk management and project success

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roque Rabechini Junior

    2012-01-01

    Full Text Available Este trabalho apresenta os resultados de uma pesquisa feita em quatro estados brasileiros sobre adoção de práticas de gerenciamento de riscos em projetos com diferentes tipos de complexidade. A pesquisa de campo envolveu 415 projetos de nove setores econômicos distintos. O material obtido foi coletado por meio de questionário aplicado em gerentes e membros de equipe de projetos. Os resultados mostraram que há impacto significativo e positivo da adoção de práticas de gerenciamento de riscos no sucesso dos projetos. Mostrou também que há dependência entre percepção de sucesso e presença/ausência de gerente de risco, havendo impacto positivo da presença do gerente de risco no sucesso dos projetos. As principais limitações da pesquisa concernem às escolhas metodológicas de amostra não probabilística, empregando questionário baseado na percepção dos respondentes. O trabalho originalmente integra a visão de práticas de gerenciamento de riscos com resultados em projetos, servindo de base para novos estudos em outros setores e áreas de conhecimento de projetos.This paper presents the results of an investigation in four Brazilian States on the adoption of Risk Management practices in projects with different complexity levels. The field research involved 415 projects from nine different economic sectors. Data was gathered through a questionnaire applied to managers and project team members. Results showed that there are significant and positive impacts in the adoption of Risk Management practices on project success. It also showed that there is dependence between perceived success and the presence/absence of a risk manager, i.e., the presence of a risk manager has positive impacts on project success. The major limitation of this study concerns the methodological choice: non-probability sample survey based on respondents perception. The work promotes the integration between Risk Management practices and projects performance

  19. Percepção do consumidor frente aos riscos associados aos alimentos, sua segurança e rastreabilidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Cunha de Andrade

    2013-09-01

    Full Text Available Nas últimas décadas, tem-se observado um crescente interesse dos consumidores pelas questões relacionadas à segurança dos alimentos. Os governos têm sido pressionados a adotar medidas que assegurem a inocuidade dos alimentos e, consequentemente, legislações rigorosas quanto à contaminação dos alimentos por agentes físicos, químicos e microbiológicos estão sendo implantadas. Dentro desse panorama, conhecer a percepção do consumidor brasileiro sobre o tema é extremamente relevante. No presente estudo, avaliaram-se, em duas grandes cidades brasileiras (Campinas-SP e Rio de Janeiro-RJ, os critérios utilizados por consumidores para a compra de produtos alimentícios e suas visões sobre os riscos potenciais de contaminação dos alimentos. Avaliou-se também a percepção dos consumidores sobre a rastreabilidade e seu papel na melhoria da segurança dos alimentos, utilizando-se a metodologia focus group. Três sessões de discussão foram conduzidas (duas em Campinas e uma no Rio de Janeiro, tendo sido observadas diferenças entre os consumidores das distintas praças. Os consumidores de Campinas mostraram-se mais preocupados e interessados no assunto do que os do Rio de Janeiro, pois relataram buscar mais informações nos rótulos de alimentos. Menções relacionadas a riscos, como intoxicação alimentar, botulismo e agrotóxicos foram comuns para os entrevistados das duas cidades e, entre os principais produtos considerados com risco à saúde, ficaram as carnes e os frutos do mar, sendo estes últimos com maior ênfase no Rio de Janeiro. Dentre os produtos reconhecidos como seguros, destacaram-se as frutas (produzidas sem agrotóxicos, os legumes e os produtos secos/desidratados. Em todos os grupos, observou-se grande preocupação com a contaminação por agrotóxicos e metais pesados. Em termos microbiológicos, ambas as praças destacaram os riscos com bactérias, especialmente a Salmonella. O tema rastreabilidade se

  20. Análise dos riscos e efeitos nocivos do uso da internet: contribuições para uma política pública de proteção da criança e do adolescente na era digital

    OpenAIRE

    Tono, Cineiva Campoli Paulino

    2015-01-01

    O uso da internet e jogos eletrônicos online, em desarmonia com as demais atividades humanas, independentemente do dispositivo tecnológico para acesso, pode se tornar um vício e produzir efeitos nocivos em vários aspectos da vida dos usuários, potencializados quando os usuários são crianças e adolescentes, pessoas em fase especial de desenvolvimento biopsicossocial. O foco da investigação em pauta foi a análise dos riscos e danos do vício em internet, pressupondo a proteção integral das crian...

  1. O tempo em geociências e o pulsar da terra - reflexões sobre a região dos Campos Gerais do Paraná

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mário Sérgio de Melo

    2015-06-01

    Full Text Available A escala de tempo dos fenômenos geológicos e geomorfológicos escapa da compreensão dos não especialistas. Entretanto, tal compreensão vem se tornando essencial para a gestão dos recursos naturais, enfrentamento de situações de risco e avaliação das interações entre ciclos naturais e artificiais. Este texto procura estimular a reflexão sobre discussões em curso na região dos Campos Gerais do Paraná que demandam o entendimento do papel do tempo em Geociências: a idade da formação dos abrigos naturais e sítios arqueológicos, o risco de indução de formação de novas furnas e o risco de contaminação do manancial de águas subterrâneas do Aquífero Furnas.

  2. Situação vacinal de recém-nascidos de risco e dificuldades vivenciadas pelas mães

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edilene Gianelli Lopes

    2013-06-01

    Full Text Available Entre recém-nascidos de risco, a imunização torna-se relevante em virtude do caráter preventivo. A pesquisa objetivou analisar a situação vacinal dos recém-nascidos de risco de Cuiabá-MT, bem como a satisfação e dificuldades das mães em relação à imunização. Estudo descritivo, quantitativo, com 113 recém-nascidos de risco, selecionados pela Declaração de Nascido Vivo: 25,7% apresentaram atraso vacinal, sendo a falta de vacinas na Unidade de Saúde (50,0% o motivo mais relatado. Das crianças em atraso, 65,5% tinham mais de uma vacina atrasada, 100% apresentavam peso abaixo do esperado, 75,9% eram acompanhados em seu crescimento e desenvolvimento pela Unidade de Saúde, 69,0% apresentaram episódio de doença nos seis primeiros meses de vida, 41,4% das mães eram menores de 18 anos. As mães relataram várias dificuldades quanto ao serviço de imunização. Destaca-se a importância de estratégias que visem melhorar a qualidade no atendimento, estrutura dos serviços de saúde, acolhimento e preparo dos profissionais.

  3. Trabalho rural e fatores de risco associados ao regime de uso de agrotóxicos em Minas Gerais, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Soares Wagner

    2003-01-01

    Full Text Available O objetivo deste artigo foi caracterizar o processo do trabalho rural em nove municípios de Minas Gerais, considerando indicadores sócio-demográficos, a estrutura agrária dos estabelecimentos rurais, práticas de trabalho relacionadas ao uso de agrotóxicos e, a intoxicação associada a seu uso. Os dados foram obtidos de uma pesquisa realizada pela Fundação Jorge Duprat Figueiredo, de Segurança e Medicina do Trabalho, que aplicou um questionário a 1.064 trabalhadores rurais, entre os anos de 1991 a 2000. Por meio de uma regressão logística, foram obtidos os fatores de risco associados à intoxicação por agrotóxicos dos grupos organofosforados e carbamatos. Cerca de 50% dos entrevistados se encontravam ao menos moderadamente intoxicados. Os fatores de risco encontrados foram: ter o último contato a menos de duas semanas com agrotóxicos; não usar proteção; ser orientado pelo vendedor; citar organofosforado ou carbamato como agrotóxico principal e trabalhar nos municípios de Teófoli Otoni, Guidoval ou Piraúba. Os resultados apontam para o alto grau de risco de agravos à saúde a que estão sujeitos trabalhadores rurais em contato com agrotóxicos.

  4. Avaliação dos riscos de queda de pacientes em uso de medicamentos prescritos em hospital universitário

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina Justus Buhrer Ferreira Neto

    2015-04-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo: estratificar medicamentos prescritos em escala de risco de queda, identificando subgrupos de medicamentos e unidades de internação com maior risco de queda. Método: estudo retrospectivo em prescrições de clínica médica, clínica cirúrgica, unidade de terapia intensiva geral. Fatores de risco considerados: 1 hipotensão ortostática; 2 hipotensão arterial; 3 hipertensão arterial; 4 bradicardia; 5 agitação psicomotora; 6 confusão mental; 7 tontura; 8 sonolência/sedação; 9 diminuição da visão; 10 convulsões; 11 atonia/distonia/fraqueza muscular; 12 hipoglicemia; 13 urgência micção e 14 urgência defecação/diarreia. Estabeleceu-se graus de risco: 0: 0 fator; I: 1-2 fatores; II: 3-5 fatores; III: 6-9 fatores e IV: 10-14 fatores. Resultados: foram analisados 3893 medicamentos, estratificados como graus: 0 22,7%; I 33,5%; II 28%; III 15,1%; IV 0,7%. Os graus III e IV referiram-se mais frequentemente a fármacos para distúrbios da acidez gástrica, 22,6%, e psicolépticos, 100%. Conclusão: conhecer fatores de risco associados aos medicamentos pode contribuir para prevenção e diminuição de quedas, sobretudo quando regimes terapêuticos não podem ser modificados.

  5. Ocorrência de anticorpos e fatores de risco associados à infecção por Leptospira spp. em Cebus spp. mantidos em cativeiro no Nordeste do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Débora R.A. Ferreira

    2011-11-01

    Full Text Available Estudou-se a ocorrência de anticorpos anti-Leptospira e os fatores de risco associados à infecção em primatas do gênero Cebus mantidos em cativeiro no Nordeste do Brasil. Foram analisadas 139 amostras de soro sanguíneo de diferentes espécies de primatas de ambos os sexos e idades variadas. Para a pesquisa de anticorpos empregou-se a técnica de Soroaglutinação Microscópica (SAM e para estudo dos fatores de risco utilizou-se análise multivariada. Foram observados anticorpos anti-Leptospira, sorovar Patoc em 6,5% dos primatas (09/139. O fator de risco identificado nesse estudo foi a não higienização diária de bebedouros (Odds ratio=12,095; IC 95% = 1,73-84,52; p=0,012,. Conclui-se que a população de Cebus mantidos em cativeiros no Nordeste do Brasil está exposta à infecção por anticorpos anti-Leptospira e que medidas corretivas de manejo dos animais, especificamente aquelas relacionadas à higienização diária de bebedouros devem ser implementadas para reduzir o risco de infecção por sorovares de Leptospira spp.

  6. Avaliação e gerenciamento do risco operacional no Brasil: análise de caso de uma instituição financeira de grande porte

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Cristina Garcia Trapp

    2005-04-01

    Full Text Available A gestão de riscos é um dos principais fatores para a sobrevivência de qualquer empresa. Tradicionalmente, os Bancos divulgam dados acerca das exposições ao risco de crédito e de mercado, a fim de auxiliar a compreensão do seu perfil de risco. Entretanto, também estão expostos a outros tipos de riscos, tais como o risco operacional, o qual pode prejudicar, significativamente, o desempenho futuro, podendo levá-los até à falência. Logo, verifica-se a importância da divulgação dessas informações para a disciplina de mercado. Buscando proteger o sistema financeiro dos resultados negativos advindos dos riscos inerentes às suas atividades, o Comitê da Basiléia publicou o Novo Acordo de Capital, previsto para entrar em vigor no final de 2006, sendo, que nessa data, as instituições financeiras deverão obedecer a certos padrões mínimos no gerenciamento de seus riscos, entre eles o operacional. Este artigo tem por objetivo analisar a avaliação e o gerenciamento do risco operacional em uma instituição financeira nacional de grande porte, detectando instrumento de medida e análise e o estágio de desenvolvimento quanto ao gerenciamento do risco operacional. Para tanto, utilizou-se a metodologia de Estudo de Caso e as evidências foram obtidas por documentação, registros em arquivos, entrevistas e observação direta. Os resultados sugerem que o Banco pesquisado se encontra em estágio intermediário na administração dos riscos operacionais, contudo, está desenvolvendo técnicas e processos tanto para se adequar às exigências dos órgãos supervisores, quanto para a melhoria de seus resultados.Risk management is a preponderant factor for the survival of any business. Traditionally, banks provide credit and market risk exposure data to support the understanding of their risk profile. However, they are also exposed to other kinds of risks, such as the operational risk, which can significantly impair future performance and

  7. Micronutrientes antioxidantes e risco cardiovascular em pacientes com diabetes: uma revisão sistemática

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberta Aguiar Sarmento

    2013-09-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Associações inversas entre a ingestão de micronutrientes e desfechos cardiovasculares foram demonstradas previamente na população geral. OBJETIVO: Revisar sistematicamente o papel de micronutrientes no desenvolvimento/presença de desfechos cardiovasculares em pacientes com diabetes. MÉTODOS: Foi realizada uma busca nas bases de dados Medline, Embase e Scopus (Janeiro/1949-Março/2012 por estudos observacionais que avaliaram micronutrientes antioxidantes e desfechos cardiovasculares em pacientes com diabetes e, em seguida, os dados foram selecionados e extraídos (dois revisores independentes. RESULTADOS: Dos 15658 estudos identificados, cinco foram incluídos, sendo três de caso-controle e dois de coorte, com um acompanhamento de 7-15 anos. Uma metanálise não foi realizada devido aos diferentes micronutrientes antioxidantes (tipos e métodos de medição e os desfechos avaliados. Os micronutrientes avaliados foram: vitamina C (dieta e/ou suplementação, cromo e selênio em amostras de unha, e α-tocoferol e zinco no soro. A ingestão de > 300 mg de vitamina C a partir de uplementos esteve associada a um risco aumentado de doença cardiovascular, doença arterial coronariana (DAC e acidente vascular cerebral (RR 1,69-2,37. Altos níveis de α-tocoferol no soro foram associados a um risco 30% inferior de DAC em outro estudo (RR 0,71, IC 95% 0,53-0,94. Entre os minerais (zinco, selênio e cromo, foi observada uma associação inversa entre o zinco e a DAC: níveis inferiores a 14,1 μmol/L foram associados a um risco aumentado para DAC (RR 1,70, IC 95% 1,21-2,38. CONCLUSÃO: A informação disponível sobre essa questão é escassa. Estudos prospectivos adicionais são necessários para elucidar o papel desses nutrientes no risco cardiovascular de pacientes com diabetes.

  8. Riscos químicos hospitalares e gerenciamento dos agravos à saúde do trabalhador de enfermagem

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lorena Sabbadini da Silva

    2012-04-01

    10. Leitão IMTA, Fernandes AL, Ramos IC. Saúde ocupacional: Analisando os riscos relacionados à equipe de enfermagem numa unidade de terapia intensiva. Cienc Cuid Saúde. 2009, Out-Dez; 7(4: 476-84

  9. Incidente com Jornalistas portugueses no Iraque. Imprudência ou espírito missionário? A batalha dos argumentos nas colunas dos jornais

    OpenAIRE

    Oliveira, Madalena

    2007-01-01

    O chamado jornalismo de guerra é, desde o desenvolvimento de tecnologias que permitiram o relato de conflitos em directo, um dos tópicos mais estimulantes do debate em torno dos escolhos e dos desafios do ofício daqueles que têm por missão informar. Os riscos associados às movimentações dos jornalistas em campos de bata-lha são, com frequência, o fermento de notícias que enchem secções especializadas nos media. O baleamento de uma jornalista da SIC e o sequestro de um repórter da TSF, no Iraq...

  10. A Vigilância Sanitária no controle de riscos potenciais em serviços de hemoterapia no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Batista Silva Júnior

    Full Text Available RESUMO O artigo descreve a situação sanitária dos serviços de hemoterapia avaliados pela Vigilância Sanitária em 2011 e 2012 por meio do Método de Avaliação de Risco Potencial de Serviços de Hemoterapia (MARPSH, classificando-os em cinco categorias: Baixo, Médio-Baixo, Médio, Médio-Alto e Alto. Dos 560 avaliados, houve acréscimo de 9% nos classificados como de baixo risco e queda de 6% entre os de alto. Os principais problemas foram encontrados na região Norte, em agências transfusionais e serviços públicos. Destacaram-se não conformidades relacionadas à gestão da qualidade, de pessoal e de equipamentos. Apesar das melhorias observadas, notaram-se serviços críticos com comprometimento à segurança e à eficácia dos produtos e serviços.

  11. Percepção de Mudanças Climáticas e Riscos Ambientais Urbanos no Varjão - Distrito Federal

    OpenAIRE

    Oliveira, Fabíola Heidrich; Andrade, Renata Marson Teixeira

    2012-01-01

    Este estudo analisa a percepção de líderes co- munitários sobre riscos ambientais e impactos da mudança climática na cidade do Varjão, Distrito Federal, um lugar caracterizado por vulne- rabilidade social e ambiental. Foram abordadas, também, as estratégias de comunicação de risco e de percepção de riscos ambientais pela administração local. O método aplicado utilizou pesquisa exploratória com base em entrevistas com moradores e observações dos pesquisadores. Os resultados revelaram que os en...

  12. Análise preliminar de riscos sobre o gerenciamento dos resíduos de serviços de saúde de uma instituição de ensino em Mato Grosso do Sul: estudo de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marjolly Priscilla Shinzato

    Full Text Available No presente trabalho foram caracterizados, qualitativa e quantitativamente, os resíduos de serviços de saúde (RSS do Centro de Ensino em Saúde (CES de uma instituição pública de ensino localizada em Campo Grande-MS. Foi investigado o gerenciamento dos resíduos de 25 laboratórios de ensino e pesquisa, que geram em média 155,9 kg de RSS por semana. Determinou-se para o CES as taxas de geração de resíduos iguais a 0,29 kg.pesquisa-1.dia-1 e 0,11 kg.aula-1.dia-1; respectivamente, para as atividades de pesquisa e ensino. Após a análise preliminar de riscos, verificou-se que a instituição apresenta riscos químicos e biológicos que se estendem para fora do limite de suas instalações, impactando direta ou indiretamente a sociedade e o ambiente. Muitos laboratórios se enquadraram na categoria de risco máximo, sendo os mais críticos os de Patologia, Histologia, Anatomia Humana e Anatomia Veterinária.

  13. A inquietante noção de risco: dissenso, dissonância e o fazer sentido para aprendizagem com estudantes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Walter S. Gershon

    2017-12-01

    Full Text Available Este artigo problematiza a produção de estudantes em risco. Utilizando a discussão de Rancière sobre dissenso, o autor argumenta que o que está em risco não são os estudantes, mas as noções contemporâneas de senso comum sobre escola. Partindo desta perspectiva, os jeitos de conhecer e de ser dos estudantes rotulados como em risco provocam a descontinuidade nas ideias e ideais sobre o propósito e função da educação escolar. Para criar este argumento, o autor conecta Rancière e outras discussões sobre a importância do dissenso para questionar a produção de sentidos, os perigos da ressonância no consenso e nas possibilidades de dissonância no dissenso. Essas declarações são ainda seguidamente complicadas pela afirmação de que a educação é um esforço necessariamente arriscado e que todos os estudantes devem reconhecer-se em risco de aprender. O entendimento de que todos os estudantes estão em risco é significativo pois fornece simultaneamente um espaço para as constelações complexas de identidade dos estudantes serem negociadas com dignidade em experiências de aprendizagem e cria um contexto menos punitivo em que as diferenças são menos propensas a serem conceituadas como déficit.

  14. Riscos cardiovasculares em adolescentes com diferentes graus de obesidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Silvia Ferrari Lavrador

    2011-03-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Há poucos estudos sobre riscos cardiovasculares em adolescentes com diferentes graus de obesidade. OBJETIVO: Avaliar repercussões metabólicas associadas a diferentes graus de obesidade em adolescentes e seu impacto nos riscos cardiovasculares. MÉTODOS: Estudo transversal com 80 adolescentes obesos, divididos em dois grupos: 22,5, denominados obesos com menor e maior grau de obesidade, respectivamente. Foram realizados exame físico e avaliação bioquímica e de composição corporal. Para a análise estatística, foram aplicados os testes t-Student e qui-quadrado, com a finalidade de comparar os dois grupos. Modelo logístico múltiplo foi utilizado para verificar as associações entre variáveis bioquímicas e grau de obesidade. Foram desenvolvidos escores de risco para doença cardiovascular, de acordo com o número de alterações encontradas nas seguintes variáveis: glicemia de jejum, triglicérides, HDL e PA. Foram verificadas associações entre esses escores e o grau de obesidade. RESULTADOS: Os dois grupos diferiram em valores de peso, circunferência da cintura, glicemia e insulina de jejum, HOMA-IR, triglicérides, HDL, PA e medidas de composição corporal (p<0,05. Os adolescentes com maior grau de obesidade apresentaram maiores frequências de alterações para glicemia, HOMA-IR, triglicérides, HDL e pressão arterial (p<0,05. O modelo logístico mostrou associações entre o grau de obesidade e as variáveis: HDL (OR=5,43, PA (OR=4,29, TG (OR=3,12. O escore de risco demonstrou que 57,7% dos adolescentes com maiores graus de obesidade tinham duas ou mais alterações metabólicas para 16,7% do outro grupo (p<0,001. CONCLUSÃO: O grau da obesidade influenciou no aparecimento de alterações que compõem a síndrome metabólica, aumentando o risco cardiovascular.

  15. Fatores associados ao risco para doenças não transmissíveis em adultos brasileiros: estudo transversal de base populacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Letícia Casado Costa

    2012-06-01

    Full Text Available No Brasil, devido às mudanças nos perfis demográfico, epidemiológico e nutricional da população, as doenças infecciosas vêm cedendo lugar às crônicodegenerativas. Em face da grande heterogeneidade demográfica, social e econômica do país, são exigidas ações de saúde pública que sejam direcionadas às realidades locais. Com o objetivo de identificar os fatores associados ao risco para doenças não transmissíveis em adultos brasileiros, foi realizado um inquérito domiciliar, entre junho de 2002 e outubro de 2005, em amostra representativa de 18 capitais brasileiras. As prevalências dos fatores de risco para doenças crônicas não transmissíveis foram: excesso de peso; atividade física irregular ou sedentarismo;consumo de cigarros; consumo de álcool de risco; hipertensão arterial referida; diabetes referida; e hipercolesterolemia referida. A ausência de fatores de risco foi observada em apenas 8,5% da população entrevistada. Conclui-se que a alta prevalência de exposição a pelo menos um dos fatores de risco estudados evidencia que as ações em saúde devem ser multifatoriais e não dirigidas somente a um fator isolado.

  16. Diagnóstico participativo socioambiental e de riscos à saúde das comunidades do entorno do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcela de Abreu Moniz

    Full Text Available Resumo O objetivo deste estudo foi diagnosticar os problemas socioambientais prioritários e os riscos à saúde das comunidades do entorno do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro. De abordagem participativa, a pesquisa-ação conduziu a aplicação de entrevistas, grupos focais, reuniões e oficina com atores sociais de Porto das Caixas e Sambaetiba, localizados em Itaboraí/RJ, no período de novembro de 2013 a dezembro de 2014. Uma análise estrutural dos problemas priorizados pelas comunidades (oferta de água, tratamento de esgoto e risco de doenças transmissíveis; risco de poluição do ar e doenças respiratórias; ausência de segurança pública e risco de violência esquematizou a relação causa-efeito-intervenção, com base no Protocolo para Avaliação Comunitária de Excelência em Saúde Ambiental. O processo revelou ausência de representatividade dos atores sociais das localidades estudadas em espaços decisórios sobre a problemática ambiental. Urgem ações educativas com profissionais e moradores que visem a favorecer a constituição de movimentos coletivos, indispensáveis à garantia dos direitos de mitigação das situações de contaminação do ar e de acesso aos serviços de saneamento e de segurança pública e de condições de menor risco à saúde.

  17. Risco psicossocial para servidores de universidade pública na região norte do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tais Poncio Pacheco

    2018-03-01

    Full Text Available Este artigo é a exposição dos resultados de uma pesquisa institucional realizada em uma universidade pública na região norte do país. O estudo foi realizado com os servidores da instituição e teve como objetivo geral compreender o modo de organização do trabalho e como isso tem impactado nos trabalhadores, tanto de forma positiva como negativa. A pesquisa foi dividida em duas etapas, e os resultados foram obtidos por meio da aplicação do Protocolo de Avaliação dos Riscos Psicossociais do Trabalho (PROART e do questionário com dados sociodemográficos. A análise dos dados foi com base nas perspectivas teóricas das Clínicas do Trabalho, especialmente a Psicodinâmica do Trabalho que é a teoria de base do instrumento escolhido. Observou-se que os servidores apresentam risco médio na escala de organização do trabalho, sinalizando um alerta para a necessidade de intervenções a curto e médio prazo que possam transformar as situações relativas à divisão das tarefas e divisão social do trabalho.

  18. Educação e prevenção de risco ocupacional: estudo com discentes do curso de enfermagem

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Grasiela Teixeira Barroso

    Full Text Available Faz-se um estudo com discentes de enfermagem sobre risco ocupacional, investigando medidas de bio-segurança. Envolveu uma amostra de 30 alunos que haviam cursado as disciplinas básicas, entendendo com isso possuírem os pré-requisitos: conhecimentos, técnicas e procedimentos necessáriosà prevenção da infecção pelo HIV. Foi aplicada entrevista semi-estruturada, obedecendo às normas éticas, versando sobre risco e redução de risco ocupacional, vulnerabilida de, educação e prevenção. Analisando as falas, percebese que os discentes receberam informações, procuraram se informar, portanto tiveram um conhecimento a nível cognitivo, mas não interiorizaram o conhecimento, não houve uma ação conscientizadora que gerasse um comportamento seguro. Ao se tratar do risco de contrair a AIDS, não procuram ter um posicionamento político perante as Instituições para questionarem o risco ocupacional a que possam estar expostos, tanto por falta de uma orientação mais conscientizadora dos riscos oriundos do ensino das práticas, como por não proverem, as Instituições, de meios de proteção.

  19. Fatores de risco da sepse em pacientes queimados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jefferson Lessa S. de Macedo

    Full Text Available OBJETIVO: Os avanços no tratamento de queimados têm reduzido as taxas de mortalidade e melhorado a qualidade de vida das vítimas de queimaduras. Entretanto, a sepse continua sendo um desafio e umas das principais causas de óbito no queimado. O objetivo deste trabalho é investigar, através de um estudo caso-controle, os fatores de risco da sepse em pacientes queimados. MÉTODO: O estudo caso-controle foi conduzido durante 12 meses, compreendendo os pacientes que foram tratados em regime de internação hospitalar na Unidade de Queimados do Hospital Regional da Asa Norte (HRAN, Brasília-DF. RESULTADOS: Quarenta e nove (19,4% pacientes tiveram sepse, de um total de 252 queimados internados na Unidade de Queimados durante o periodo do estudo. Eles tiveram um ou no maximo tres episodios de sepse durante a internacao, totalizando 62 episodios. Vinte e seis (53,1% eram homens e a media de idade foi de 21,9 ± 18,9 anos (variacao de um a 89 anos. A superficie corporal queimada dos pacientes que tiveram sepse variou de sete a 84%, com uma media de 37,7 ± 18,4%, sendo significativamente superior aos controles. As principais bacterias causadoras de sepse foram Staphylococcus aureus (46,5%, Staphylococcus coagulase negativo (20,7%, Acinetobacter baumannii (12,1% e Enterobacter cloacae (12,1%. Trinta (61,2% pacientes tiveram seu primeiro episodio de sepse na primeira semana de internacao. Quanto aos fatores de risco para a ocorrencia de sepse, destacam-se os seguintes, conforme seu poder de associacao "odds ratio": o uso de tres ou mais cateteres, a presenca de duas ou mais complicacoes, a superficie corporal queimada > 30%, o agente chama aberta e o sexo feminino. No geral, a taxa de letalidade por sepse foi de 24,5%. CONCLUSÃO: Um melhor conhecimento dos fatores de risco da sepse no paciente queimado permite o tratamento precoce dessa complicação, com antibioticoterapia sistêmica adequada, contribuindo para reduzir a morbidade e a mortalidade

  20. Efeitos de Intervenção Cognitivo-Comportamental sobre Fatores de Risco Psicológicos em Cardiopatas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Gorayeb

    Full Text Available RESUMODiminuir fatores de risco para cardiopatias pode melhorar a qualidade de vida e reduzir a mortalidade e morbidade relacionadas a elas.O presente estudo avaliou a eficácia de uma intervenção cognitivo-comportamental em grupo sobre ansiedade, depressão, estresse e saúde cardiovascular em cardiopatas. Foram avaliados 91 pacientes antes e após participação nos grupos, com entrevistas semiestruturadas, Inventários Beck (Ansiedade e Depressão e Inventário de Sintomas de Stress para Adultos de Lipp. Coletaram-se medidas fisiológicas para cálculo do escore de Framingham. A participação no grupo resultou em redução dos sintomas de ansiedade, depressão, estresse e melhora do enfrentamento ao estresse. Não houve diferença no escore de Framingham. A intervenção se mostrou eficaz para a redução dos fatores de risco psicológicos nessa amostra.

  1. Riscos químicos a que estão submetidos os trabalhadores de enfermagem: uma revisão de literatura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Xelegati Rosicler

    2003-01-01

    Full Text Available O estudo consiste em levantamento bibliográfico nas bases de dados LILACS, MEDLINE e ILO-CIS BULLETIN - SAFETY AND HEALTH AT WORK sobre a temática riscos ocupacionais químicos, tendo como objetivo identificar, nas publicações encontradas, os principais agentes que podem favorecer o contato com esses riscos e provocar alterações de saúde nos trabalhadores de enfermagem. Foram encontrados 37 artigos, sendo apenas quatro publicados em periódicos nacionais que relatavam a detecção dos riscos químicos na manipulação de drogas citostáticas, na exposição a gases anestésicos, vapores de formaldeído/glutaraldeído e a gases esterilizantes, entre outros.

  2. Adiponectina sérica e risco cardiometabólico em pacientes com síndromes coronarianas agudas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo Bernardes de Figueiredo Oliveira

    2013-11-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: O tecido adiposo representa não somente uma fonte de energia estocável, mas principalmente um órgão endócrino que secreta várias citoquinas. A adiponectina, uma nova proteína semelhante ao colágeno, foi descoberta como uma citoquina específica do adipócito e um promissor marcador de risco cardiovascular. OBJETIVO: Avaliar a associação entre os níveis séricos da adiponectina e o risco para a ocorrência de eventos cardiovasculares, em pacientes com síndromes coronarianas agudas (SCA, e as correlações entre adiponectina e os biomarcadores metabólicos, inflamatórios e miocárdicos. MÉTODOS: Foram recrutados 114 pacientes com SCA, com seguimento médio de 1,13 ano para avaliação de desfechos clínicos. Modelos de regressão de risco proporcional de Cox com penalização de Firth foram construídos para determinar a associação independente entre adiponectina e o risco subsequente dos desfechos primário (composto de óbito cardiovascular/IAM não fatal/AVE não fatal e coprimário (composto de óbito cardiovascular/ IAM não fatal/AVE não fatal/re-hospitalização requerendo revascularização. RESULTADOS: Houve correlações diretas e significantes entre adiponectina e idade, HDL-colesterol e BNP, e inversas e significantes entre adiponectina e circunferência abdominal, peso corporal, índice de massa corporal, índice HOMA, triglicerídeos e insulina. A adiponectina foi associada a maior risco para os desfechos primário e coprimário (HR ajustado 1,08 e 1,07/incremento de 1.000, respectivamente, p = 0,01 e p = 0,02. CONCLUSÃO: Em pacientes com SCA, a adiponectina sérica foi preditor de risco independente para eventos cardiovasculares. De modo adicional às correlações antropométricas e metabólicas, a adiponectina mostrou correlação significante com BNP.

  3. Ferramenta para Análise e Avaliação de Riscos no Planejamento de Projetos de Pesquisa e Desenvolvimento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marta Fatima Vencato

    2014-12-01

    Full Text Available Este trabalho é parte da dissertação de mestrado apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento de Tecnologia, dos Institutos LACTEC, em parceria com o Instituto de Engenharia do Paraná – PRODETEC. A pesquisa teve como objetivo desenvolver um modelo para análise e avaliação de riscos inerentes em projetos de pesquisa e desenvolvimento (P&D, bem como classificar os riscos baseando-se na metodologia do Project Management Institute (PMI. A coleta de dados foi por meio da aplicação de questionário eletrônico para pesquisadores voluntários, vinculados a (1 uma instituição pública de ensino, a (2 uma instituição privada de ensino e a (3 uma instituição pública de pesquisa. Foi também objetivo deste trabalho elaborar uma ferramenta informatizada para análise e avaliação dos riscos durante o planejamento de projetos de P&D, identificando custos mínimos e máximos do projeto a partir da análise das ameaças e das oportunidades identificadas. Foi proposto ainda um índice de risco para apoio na análise das propostas de projetos pelas instituições de pesquisa como requisito para sua avaliação. A ferramenta informatizada foi validada por pesquisadores por meio de uma ficha de avaliação.

  4. Fatores de risco cardiovascular em alcoolistas em tratamento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mayla Cardoso Fernandes Toffolo

    2013-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a presença de fatores de risco cardiovascular, com ênfase na hipertensão e na adiposidade corporal, em alcoolistas abstinentes ou não abstinentes em tratamento. MÉTODO: Trata-se de um estudo transversal com 65 pacientes alcoolistas em tratamento no CAP-Sad. O grau de dependência do álcool foi avaliado pelo SADD (Short Alcohol Dependence Data e o uso de outras drogas, pelo ASSIST (Alcohol Smoking and Substance Involvement Screening Test. Foram avaliados o perfil bioquímico e o antropométrico dos usuários. RESULTADOS: Participaram do estudo 42 homens e 23 mulheres. A maioria dos participantes (67,74% apresentou dependência alcoólica grave, com uso de álcool associado principalmente a cigarro (66,15%. A média da circunferência da cintura (CC foi significativamente maior entre os abstinentes, em comparação aos não abstinentes (AB: 88,15 ± 15,95 x NA: 81,04 ± 9,86; p = 0,03. Pacientes abstinentes há mais tempo tiveram maior sobrepeso/obesidade e adiposidade abdominal (CC do que os não abstinentes e abstinentes recentes, com razão de chances de 5,25. Os abstinentes apresentaram razão de chances de 3,38 para %GC acima da média, independente do tempo de abstinência. CONCLUSÃO: Pacientes alcoolistas abstinentes apresentam mais sobrepeso/ obesidade, adiposidade corporal (%GC e abdominal (CC do que os não abstinentes. É importante o acompanhamento multiprofissional no tratamento de alcoolistas com abordagem para fatores de risco cardiovasculares, principalmente evitando o ganho de peso.

  5. Determinantes dos Honorários de Auditoria: um Estudo nas Empresas Listadas na BM&FBOVESPA, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Walther Bottaro de Lima Castro

    2015-12-01

    Full Text Available RESUMO Este trabalho analisa os determinantes dos honorários de auditoria pagos por empresas listadas na BM&FBOVESPA. Os dados referentes às empresas listadas para 2012 mostram relação positiva entre honorários com as variáveis porte, complexidade do cliente e auditores Big N. O risco percebido pelo auditor demonstrou afetar os valores dos honorários de forma diferente nos clientes de maior e menor porte. Nos de menor porte, os resultados sugerem que o auditor cobre menores honorários de clientes mais alavancados e com maior risco, contrariando a hipótese de que o auditor cobraria maiores honorários como prêmio pelo risco assumido. Já nos de maior porte, os resultados demonstram que clientes com maior risco, medido pela liquidez e alavancagem, ou com maiores práticas de governança, tendem a gastar mais com auditoria. Quanto à troca do auditor, os resultados apontaram que clientes maiores pagam menos no primeiro ano de auditoria. Esses resultados qualificam os achados de Hallak e Silva (2012, sugerindo a necessidade de novas pesquisas com bases temporalmente mais extensas.

  6. Os riscos dos acidentes de trânsito na perspectiva dos moto-boys: subsídios para a promoção da saúde Traffic accidents from the motorcycle couriers' perspective: feedback for health promotion

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andréa Márian Veronese

    2006-12-01

    Full Text Available Esta nota resulta de uma pesquisa qualitativa realizada na cidade de Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, com o objetivo de explorar o fenômeno "risco do acidente de trânsito" na perspectiva de moto-boys. O estudo foi embasado nas teorias sociológicas sobre risco, em especial, as que enfatizam o caráter sócio-cultural dos seus significados. As informações foram coletadas por meio de grupos focais e analisadas seguindo os passos da Teoria Fundamentada nos Dados. Segundo os moto-boys, os riscos do acidente de trânsito são inerentes ao cotidiano de trabalho e produzidos por interesses pessoais e sociais, no sentido das demandas por dinheiro, velocidade e urgência. Os moto-boys tentam controlar esses riscos utilizando estratégias de autocuidado. Considerando a alta incidência de acidentes de trânsito envolvendo moto-boys em Porto Alegre, parece que tais estratégias têm sido pouco eficazes. A nota argumenta que os acidentes de trânsito envolvendo moto-boys são acidentes de trabalho e, portanto, as ações de promoção da saúde que investem na sua prevenção precisam extrapolar o grupo de indivíduos que pilotam as motocicletas, sendo dirigidas também a clientes e patrões de serviços de telentrega.This research note is the result of a qualitative study in Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brazil, aimed at exploring traffic accident risk from the motorcycle couriers' point of view. The research results highlight the importance of accident prevention and health promotion for these workers. The study was based on sociological theories of risk, especially those emphasizing the social and cultural nature of its meanings. Information was gathered through focus groups and analyzed according to the Data-Based Theory. According to the research subjects, all motorcycle couriers, the traffic accident risk is inherent to their daily work duties and is produced by personal and social interests like money, speed, and urgency. Motorcycle

  7. Malabarismos no manejo do risco e proteção de famílias com crianças e adolescentes no sistema de garantia de direitos

    OpenAIRE

    Cairus, Raquel Cristina dos Reis

    2009-01-01

    A partir dos enfoques da Psicossociologia e da Teoria Sistêmica investigou-se o risco e a proteção no envolvimento de crianças e adolescentes em situações de risco na ótica das famílias no sistema de garantia de direitos, inspirada na metáfora do circo. Neste sentido buscou-se compreender como é constituída legalmente a rede de garantia de direitos no Distrito Federal e discorreu-se sobre os aspectos psicossociais do risco, da proteção e do envolvimento do adolescente com a lei. A metodologia...

  8. Consentindo ambigüidades: uma análise documental dos termos de consentimento informado, utilizados em clínicas de reprodução humana assistida

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vera Mincoff Menegon

    Full Text Available Elegendo a reprodução humana assistida como estudo de caso, este artigo apresenta resultados de pesquisa realizada com termos de consentimento informado, que articulou a compreensão do uso de linguagens sociais - com ênfase na linguagem dos riscos - e suas implicações nas relações entre profissionais e clientes. A pesquisa qualitativa, na perspectiva da Psicologia Social, apoiou-se na abordagem teórica sobre práticas discursivas, compreendendo a linguagem dos riscos como uma linguagem que permite falar da aspiração de controle futuro dos riscos. Analisaram-se os textos de 27 formulários, cedidos por oito clínicas brasileiras. Além de entender especificidades lingüísticas, buscou-se responder à pergunta: o que está sendo consentido? Os resultados mostraram a ambigüidade desse documento, que pressupõe o uso da metáfora correr ou não correr riscos: ele pode ser democrático, burocrático ou mesmo autoritário; a comunicação de riscos e benefícios subsidia tanto o processo de tomada de decisão como dilui as responsabilidades pela rede relacional.

  9. Consentindo ambigüidades: uma análise documental dos termos de consentimento informado, utilizados em clínicas de reprodução humana assistida

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Menegon Vera Mincoff

    2004-01-01

    Full Text Available Elegendo a reprodução humana assistida como estudo de caso, este artigo apresenta resultados de pesquisa realizada com termos de consentimento informado, que articulou a compreensão do uso de linguagens sociais - com ênfase na linguagem dos riscos - e suas implicações nas relações entre profissionais e clientes. A pesquisa qualitativa, na perspectiva da Psicologia Social, apoiou-se na abordagem teórica sobre práticas discursivas, compreendendo a linguagem dos riscos como uma linguagem que permite falar da aspiração de controle futuro dos riscos. Analisaram-se os textos de 27 formulários, cedidos por oito clínicas brasileiras. Além de entender especificidades lingüísticas, buscou-se responder à pergunta: o que está sendo consentido? Os resultados mostraram a ambigüidade desse documento, que pressupõe o uso da metáfora correr ou não correr riscos: ele pode ser democrático, burocrático ou mesmo autoritário; a comunicação de riscos e benefícios subsidia tanto o processo de tomada de decisão como dilui as responsabilidades pela rede relacional.

  10. O escore de risco de sangramento como preditor de mortalidade em pacientes com síndromes coronarianas agudas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Carlos Nicolau

    2013-12-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A ocorrência de sangramento aumenta a mortalidade intra-hospitalar em pacientes com síndromes coronarianas agudas (SCAs, e há uma boa correlação entre os escores de risco de sangramento e a incidência de eventos hemorrágicos. No entanto, o papel dos escores de risco de sangramento como fatores preditivos de mortalidade é pouco estudado. OBJETIVO: Analisar o papel do escore de risco de sangramento como fator preditivo de mortalidade intra-hospitalar numa coorte de pacientes com SCA tratados num centro terciário de cardiologia. MÉTODOS: Dos 1.655 pacientes com SCA (547 com SCA com supra de ST e 1.118 com SCA sem supra de ST, calculou-se o escore de risco de sangramento ACUITY/HORIZONS prospectivamente em 249 pacientes e retrospectivamente nos demais 1.416. Informações sobre mortalidade e complicações hemorrágicas também foram obtidas. RESULTADOS: A idade média da população estudada foi 64,3 ± 12,6 anos e o escore de risco de sangramento médio foi 18 ± 7,7. A correlação entre sangramento e mortalidade foi altamente significativa (p < 0,001; OR = 5,29, assim como a correlação entre escore de sangramento e hemorragia intra-hospitalar (p < 0,001; OR = 1,058, e entre escore de sangramento e mortalidade intra-hospitalar (OR ajustado = 1,121, p < 0,001, área sob a curva ROC 0,753; p < 0,001. O OR ajustado e a área sob a curva ROC para a população com SCA com supra de ST foram 1,046 (p = 0,046 e 0,686 ± 0,040 (p < 0,001, respectivamente, e para SCA sem supra de ST foram 1,150 (p < 0,001 e 0,769 ± 0,036 (p < 0,001, respectivamente. CONCLUSÃO: O escore de risco de sangramento é um fator preditivo muito útil e altamente confiável para mortalidade intra-hospitalar em uma grande variedade de pacientes com SCAs, especialmente aqueles com angina instável ou infarto agudo do miocárdio sem supra de ST.

  11. Indicações e complicações dos bifosfonatos em ortopedia

    OpenAIRE

    Marques, Manuel de Almeida

    2014-01-01

    Trabalho final de mestrado integrado em Medicina (Ortopedia), apresentado á Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra Contexto: Ao longo dos últimos anos, a osteoporose tem vindo a revelar-se um problema de saúde pública de crescente importância, contribuindo para o aumento da prevalência de fraturas na população idosa. O objectivo deste trabalho foi proceder a uma revisão dos estudos publicados sobre a eficácia dos bifosfonatos na redução do risco de fratura osteoporótica, o seu...

  12. Causas da variabilidade do tempo de execução dos processos em diferentes sistemas construtivos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Herbert Melo Cruz

    Full Text Available Resumo Um dos grandes desafios para o gerenciamento da construção é a execução das atividades de acordo com as durações programadas, sendo comum a ocorrência de variabilidade. O objetivo desta pesquisa foi analisar as causas da variabilidade do tempo de execução dos processos em diferentes sistemas construtivos, classificando-as em níveis de risco. A metodologia consistiu em um estudo de casos múltiplos em diferentes sistemas construtivos, sendo aplicado com diversos trabalhadores de obras um questionário com 31 causas de variabilidade divididas em oito categorias. Visou-se levantar as variáveis frequência e intensidade de atraso. Foram observadas obras de concreto armado (convencional, alvenaria estrutural e paredes de concreto moldadas no local. Para a análise dos dados foi criado um fator de atraso e aplicada uma metodologia de classificação das causas em níveis de risco através da análise de clusters. Como resultados foram apontadas as principais causas de variabilidade para cada um dos sistemas, sendo algumas semelhantes: retrabalho, baixa qualidade do trabalho e socialização. Análises estatísticas apontaram diferenças entre os sistemas: aqueles mais industrializados tiveram maior quantidade de causas classificadas em níveis de alto risco, porém o impacto da variabilidade no processo foi menor. Há deficiências por parte dos gestores para lidar com os impactos da variabilidade nos processos.

  13. ATIVIDADE FÍSICA E MODULAÇÃO DO RISCO CARDIOVASCULAR

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Cichocki

    Full Text Available RESUMO Introdução: As doenças cardiovasculares são responsáveis por alto grau de morbidade e mortalidade na população mundial. Em populações saudáveis, a estimativa do risco cardiovascular tem sido calculada a partir de modelos de predição derivados de estudos prospectivos e observacionais. O escore de Framingham é um algoritmo tradicionalmente utilizado como estratégia primária de prevenção de doenças cardiovasculares em pessoas assintomáticas em um período de 10 anos. Para a determinação desse escore são considerados como fatores de risco os níveis séricos de colesterol total, colesterol HDL, pressão sistólica, diabetes mellitus, tabagismo e idade dos pacientes. Objetivo: Avaliar se a prática de atividade física é uma variável importante capaz de modular o risco obtido pelo escore de Framingham. Métodos: Foram considerados dados de 1004 indivíduos, divididos em adultos (18 a 59 anos e idosos (> 60 anos, usando o software Statistical Package for Social Sciences (SPSS para as análises estatísticas e adotando-se o nível de significância de 5% (P < 0,05 para todos os testes aplicados. Resultados: A correlação entre os fatores idade, sexo, tabagismo, hipertensão arterial e níveis séricos de HDL e o escore de Framingham foi confirmada tanto no grupo adulto como no idoso. Adicionalmente, nossas análises demonstraram correlação estatisticamente significativa entre a prática de atividade física e o risco calculado por esse escore, ficando evidente que indivíduos adultos ou idosos que praticam atividade física moderada ou intensa apresentam menor risco de desenvolver doença cardiovascular num período de 10 anos. Conclusão: Nossos dados demonstram que a prática de atividade física moderada ou intensa pode modular o escore de Framingham e assim como idade, sexo, tabagismo, hipertensão arterial e níveis séricos de colesterol total e HDL, deve ser considerada entre os fatores de risco de doen

  14. Padrões de industrialização, riscos e meio ambiente Patterns of industrialization risks and environment

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tânia Franco

    1998-01-01

    Full Text Available Este artigo aborda a questão dos riscos industriais e de seus impactos sobre a saúde e o meio ambiente, buscando fazer uma retrospectiva histórica acerca da formação dos atuais padrões de trabalho, produção e consumo nas sociedades ocidentais contemporâneas. Neste percurso, salienta desafios e dilemas emergentes nas últimas décadas com os avanços da globalização da economia, da reestruturação produtiva e das formas de gestão do trabalho viabilizadas pela adoção de políticas neoliberais. Focaliza a historicidade da relação entre riscos industriais e meio ambiente e apresenta resultados de pesquisa que dizem respeito à mobilidade dos riscos e acidentes industriais no espaço socioeconômico-ambiental da Região Metropolitana de Salvador, resgatando aspectos concernentes às formas de gestão industrial e de organização do trabalho, com destaque para a terceirização.This article deals with industrial risks and its effects on health and environment, in a retrospective historical analysis of the creation of present patterns of work, production and consumption in contemporary western societies. Challenges and emerging dilemas from the few past decades are highligted and discussed by the authors in terms of economic globalization, productive restructuring and work management strategies conducted by neoliberal policies. The article focus on the relationship between industrial risks and environment and present research data on morbidity and risks related to industrial accidents in the social-economical-environmental space of the Metropolitan area of Salvador, Bahia, Brazil. In doing so, concerns on industrial management and labour organization are highligted.

  15. Conhecimento sobre fatores de risco para hipertensão arterial sistêmica por discentes do curso de enfermagem

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ayla de Araujo Beserra

    2017-03-01

    Full Text Available Dentre as doenças crônicas não transmissíveis, a hipertensão arterial sistêmica (HAS é o maior problema de saúde social dos países desenvolvidos e em muitos dos emergentes. Nesse sentindo, objetivou-se identificar os fatores de risco dos discentes de enfermagem para o desenvolvimento da HAS em um centro de ensino superior de saúde na cidade de Arcoverde, Pernambuco. Trata-se de um estudo de caráter descritivo e exploratório com abordagem quantitativa. A amostra foi composta por 33 discentes, que cursavam o primeiro e o sexto período do curso superior de enfermagem. As variáveis estudadas foram: identificações, socioeconômicos e comportamentais. Em relação ao gênero, dos alunos consultados, apresentaram-se em maior porcentagem os do gênero feminino, informando que fazem uso de bebida alcoólica e apresentam hábitos saudáveis de alimentação. Evidenciou-se à inatividade física, sendo o fator mais citado dos riscos modificáveis, e os antecedentes familiares e a raça, fatores estes intrínsecos não modificáveis. Quanto ao nível de conhecimento sobre a HAS, nos dois períodos, é caracterizado como insuficiente sobre a doença hipertensiva. Torna-se necessário aprofundar alguns conhecimentos sobre HAS dos estudantes e a implementação de orientações sobre a prática de atividade física como um fator preventivo para HAS.

  16. Riscos Ambientais Associados ao Transporte de Produtos Perigosos na Área de Influência da ETA Guandu.

    OpenAIRE

    Viviane Japiassú Viana

    2009-01-01

    No Estado do Rio de Janeiro, a atividade de transporte rodoviário de produtos perigosos foi responsável por aproximadamente 40% dos atendimentos a emergências realizados pela FEEMA (hoje INEA) nos últimos anos. Dentre as diversas rotas de tráfego desses produtos, destaca-se a rodovia Presidente Dutra que percorre as imediações dos rios Paraíba do Sul e Guandu, e seus principais afluentes. A exposição a riscos ambientais da ETA Guandu é, portanto, bastante alta, pois compreende ...

  17. Hábitos Alimentares, Atividade Física e Escore de Risco Global de Framingham na Síndrome Metabólica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thays Soliman Soares

    2014-04-01

    Full Text Available Fundamento: A síndrome metabólica é um transtorno complexo representado por um conjunto de fatores de risco cardiovascular. A adoção de um estilo de vida saudável está fortemente relacionada à melhora da Qualidade de Vida e interfere de forma positiva no controle dos fatores de risco presentes nessa condição clínica. Objetivo: Avaliar o efeito de um programa de modificação do estilo de vida sobre o Escore de Risco Cardiovascular Global de Framingham em indivíduos com síndrome metabólica. Método: Trata-se de uma subanálise de um ensaio clínico randomizado, controlado, cegado, com duração de três meses. Os participantes foram randomizados em quatro grupos: intervenção nutricional + placebo (INP, intervenção nutricional + suplementação de ácidos graxos ômega 3 (3 g/dia de óleo de peixe (INS3, intervenção nutricional + atividade física + placebo (INEP e intervenção nutricional + atividade física + suplementação de ácidos graxos ômega 3 (INES3. O Escore de Risco Cardiovascular Global de Framingham de cada indivíduo foi calculado antes e após a intervenção. Resultados: Participaram do estudo 70 indivíduos. Observou-se uma redução da média do escore após a intervenção de forma geral (p < 0,001. Obteve-se uma redução para risco intermediário em 25,7% dos indivíduos. Após a intervenção, observou-se redução significativa (p < 0,01 da "idade vascular", sendo esta mais expressiva nos grupos INP (5,2% e INEP (5,3%. Conclusão: Todas as intervenções propostas produziram efeito benéfico para a redução do escore de risco cardiovascular. O presente estudo reforça a importância da modificação do estilo de vida na prevenção e no tratamento das doenças cardiovasculares.

  18. Adolescência, comportamento sexual e fatores de risco à saúde

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Simone Gonçalves de Assis

    2014-02-01

    Full Text Available OBJETIVO : Analisar a relação entre comportamento sexual e fatores de risco à saúde física ou mental entre adolescentes. MÉTODOS : Estudo realizado com 3.195 escolares de 15 a 19 anos de idade, do segundo ano do ensino médio de escolas públicas e particulares das capitais de 10 estados do Brasil, em 2007-2008. Foi utilizada amostragem por conglomerados com multiestágio de seleção (escolas e alunos em cada cidade e rede de ensino pública e particular. Foi aplicado questionário a todos os alunos selecionados, com os seguintes itens: dados socioeconômicos e demográficos; comportamento sexual; “transar” com pessoas do mesmo sexo, do sexo oposto ou de ambos os sexos; uso de bebida alcoólica e maconha; usar camisinha ao “transar”; presença de experiências sexuais traumáticas na infância ou adolescência; e ideação suicida. A análise incluiu descrição de frequências, teste de Qui-quadrado, análise de correspondência múltipla e de cluster. Foram analisadas qualitativamente, por análise dos conteúdos manifestos, as respostas a uma questão livre em que o adolescente expressou comentários gerais sobre si e sua vida. RESULTADOS : Cerca de 3,0% dos adolescentes referiu comportamento homossexual ou bissexual, sem diferenciação de sexo, idade, cor da pele, estrato social, estrutura familiar e rede de ensino. Adolescentes com comportamento homo/bissexual comparados aos heterossexuais relataram (p < 0,05: ficar de “porre” (18,7% e 10,5%, respectivamente, uso frequente de maconha (6,1% e 2,1%, respectivamente, ideação suicida (42,5% e 18,7%, respectivamente e ter sido vítima de violência sexual (11,7% e 1,5%; respectivamente. Adolescentes com comportamento homo/bissexual relataram utilizar menos preservativo de forma frequente (74,2% do que aqueles com comportamento heterossexual (48,6%, p < 0,001. Três grupos foram encontrados na análise de correspondência: composto por adolescentes com comportamento homo

  19. Perdas extremas em mercados de risco Extreme losses in risk markets

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ronaldo A Arraes

    2006-12-01

    Full Text Available Neste artigo, infere-se sobre a distribuição de valores extremos de uma variável aleatória representada pelas severas perdas diárias em investimentos financeiros. A Teoria dos Valores Extremos (TVE fundamenta a modelagem de eventos gravosos raros, com expressivas conseqüências econômicas associadas a probabilidades muito pequenas de ocorrerem. Uma das grandes preocupações, na análise de riscos, é desenvolver técnicas para prever essas ocorrências excepcionais. Assim, as caudas das distribuições desses eventos raros são importantes para o estudo do risco, tornando a TVE uma ferramenta de grande valia para a estimação mais acurada do risco dessas perdas elevadas. Investigou-se, neste trabalho, a estimação de perdas máximas esperadas para séries financeiras, empregando-se: i métodos tradicionais, que utilizaram todos os dados amostrais para analisar a variável aleatória em questão e ii a metodologia dos Valores Extremos, particularmente a da Distribuição Generalizada dos Valores Extremos (DGVE, que utilizou apenas um conjunto de máximos amostrais para a estimação das perdas máximas esperadas. Concluiu-se que os métodos tradicionais subestimaram as perdas esperadas, sobretudo nas proximidades dos limites das caudas das distribuições, e que a DGVE mostrou-se bem mais eficiente na previsão dessas perdas extremas nas séries analisadas: Ibovespa, Merval, Dow Jones.This paper aims to infer about the distribution of extremes values of a continuous random variable, represented as the severe daily losses in financial markets investments. The Extreme Value Theory (EVT plays a fundamental role in modeling rare events associated with great losses and very small probabilities of occurrence. One of the great concerns in risk management is to develop analytic techniques to foresee those exceptions. In that way, the tails of the rare losses' probability density function (pdf are of great importance in evaluating that kind of

  20. Análise do risco ruído em indústria de confecção de roupa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela Dalapicula Barcelos

    2014-03-01

    Full Text Available Objetivo : verificar a presença do ruído em indústria de confecção de roupas, visto que este risco é pouco difundido nas pesquisas relacionadas a este ambiente de trabalho.Métodos : a empresa escolhida foi uma fábrica de confecção de roupa localizada em Colatina no Espírito Santo/Brasil. Foram analisados os dois setores com maior risco ruído na empresa, após a exclusão dos funcionários com menos de cinco anos de trabalho neste local, totalizamos uma amostra de seis funcionários. Os trabalhadores selecionados responderam questionário sobre informações e sintomas auditivos e posteriormente, foram analisadas as audiometrias realizadas nos últimos cinco anos.Resultados : por meio de medições realizadas nos setores analisados, constatou-se produção de ruído de 83,5 a 97,8 dB(A. Após observar o histórico das audiometrias, obteve-se 83% dos trabalhadores, destes setores, sem perda auditiva, 16% com perda ocupacional, sendo classificada como estável. Os dados levantados no questionário revelaram que 33% dos trabalhadores sentem-se irritados quando expostos a sons elevados, 50% sentem-se estressados após a jornada de trabalho, e nenhum trabalhador relatou queixa de zumbido, insônia ou dificuldade em entender as pessoas.Conclusão : este ambiente de trabalho apresenta risco ruído, uma vez constatados os níveis de pressão sonora no qual os trabalhadores são expostos durante a jornada de trabalho, bem como a presença de perda auditiva ocupacional, mesmo em menor escala – atribuído ao tempo mínimo de cinco anos de serviços prestados utilizado na pesquisa.

  1. Fatores de Risco Evidenciados pelas Maiores Empresas Listadas na BM&FBOVESPA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberto Carlos Klann

    2015-01-01

    Full Text Available O risco está presente em qualquer empresa, em qualquer setor. Nesse sentido, o objetivo da pesquisa é identificar os tipos de risco evidenciados nos Formulários de Referência das maiores empresas de cada setor listadas na BM&FBovespa. Os riscos podem ser classificados em: risco de crédito, risco legal, risco de mercado, risco operacional, risco estratégico, risco de liquidez e risco ambiental. Conforme os resultados encontrados, os mais divulgados pelas empresas são: risco legal (87,5%, risco estratégico (85% e risco de mercado (82,5%. O risco de crédito apresenta o menor nível de divulgação (50%, bem como o risco de liquidez relativo aos investimentos (55%. Conclui-se que a gestão de risco está relacionada às particularidades de cada organização, sendo que os tipos de riscos podem se modificar de acordo com a classificação setorial das empresas.

  2. Causalidade e cointegraçãp do risco de crédito soberano na América Latina

    OpenAIRE

    Fernando Roberto de Lima Posch

    2007-01-01

    O objetivo dessa dissertação é estudar as relações entre os riscos de crédito soberano dos diversos países da América Latina. Tendo o Brasil como pivô, este estudo é realizado com base no mercado de credit Default Swaps. Os resultados mostram que o Brasil é cointegrado com o México e o Panamá, mas não apresenta relação de longo prazo com a Colômbia, a Venezuela e o Peru. Os testes de impulso e causalidade sugerem que o Brasil é o mercado mais influente na região, pois variação no risco sobera...

  3. Análise dos fatores de risco para gagueira em crianças disfluentes sem recorrência familial Analysis of the risk factors for stuttering in disfluent children without familial recurrence

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristiane Moço Canhetti de Oliveira

    2012-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: analisar os fatores gênero, idade, tipo de surgimento da gagueira, tempo de duração e tipologia das disfluências, fatores estressantes físicos e emocionais, e fatores comunicativos e qualitativos associados em crianças disfluentes sem recorrência familial do distúrbio. MÉTODO: participaram 43 crianças com alto risco para a gagueira de ambos os gêneros. A coleta de dados foi realizada por meio do Protocolo de Risco para a Gagueira do Desenvolvimento - PRGD. RESULTADOS: a razão masculino/feminino foi de 3,3:1. A única diferença estatisticamente significante dos fatores de risco analisados nos gêneros masculino e feminino foi a maior ocorrência de fatores comunicativos associados no gênero masculino (p=0,003. Houve uma semelhança dos achados entre os meninos e as meninas: quanto ao tempo de duração das disfluências a maioria apresentou mais de 12 meses de duração, a tipologia gaga foi a mais freqüente, a presença de fatores estressantes emocionais ocorreu na maior parte das crianças, e finalmente os fatores qualitativos associados, como taxa de elocução aumentada, tensão visível e incoordenação pneumo-fono-articulatória estiveram presentes em grande parte da amostra. CONCLUSÃO: os resultados desta investigação permitiram concluir que nos casos de crianças com alto risco para a gagueira isolada ocorreu a interação de inúmeros fatores, sugerindo que o distúrbio é multifatorial. Também foi possível concluir que a interação de alguns fatores como gênero masculino, tipologia gaga manifestada por mais de 12 meses, com início persistente, na presença de fatores qualitativos e comunicativos associados pode representar risco maior para o desenvolvimento da gagueira persistente.PURPOSE: to analyze the following factors: gender, age, type of the onset of disfluencies, duration and typology of disfluencies; physical and emotional stresses and communicative and qualitative factors associated in children

  4. Identificação precoce do risco para transtornos da atenção e da leitura em sala de aula

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Olga Valéria Andrade

    Full Text Available Testou-se a acurácia de atividades pedagógicas coletivas, baseadas em julgamentos fonológicos por meio do pareamento entre figuras e de figuras com palavras faladas, na identificação de escolares de risco para transtornos da atenção e da leitura em sala de aula. Quarenta e cinco escolares do 2º ano (idade média de 7 anos, 29 do gênero masculino, foram divididos em grupo controle, sem dificuldade de leitura-escrita (n=32, e grupo de risco, com dificuldade de leitura (n=13. O baixo desempenho nessas atividades, definido como os escores acima de 1,65 DP abaixo da média do grupo controle, apresentou boa sensitividade (verdadeiros positivos e especificidade (verdadeiros negativos na identificação precoce dos escolares de risco.

  5. Análise de riscos tecnológicos ambientais: perspectivas para o campo da saúde do trabalhador Analysis of environmental technological risks: prospects for the worker's health field

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Firpo de Souza Porto

    1997-01-01

    Full Text Available O objetivo deste artigo é trazer para o âmbito da saúde pública, particularmente para o campo da Saúde do Trabalhador, questões teóricas e desafios colocados pelos denominados riscos tecnológicos ambientais, os quais se relacionam e ultrapassam o universo dos ambientes de trabalho. Partindo-se dos riscos químicos industriais, demonstra-se a vulnerabilidade das sociedades contemporâneas face aos mesmos e seu agravamento nos países de economia periférica. Em seguida, apresenta-se o escopo das análises de riscos pelas vertentes da engenharia, toxicologia e epidemiologia, bem como a crítica que as ciências sociais vem realizando sobre as mesmas. Conclui-se que a Ciência não é capaz de dar conta isoladamente de problemas complexos como os riscos tecnológicos ambientais. Para se avançar sobre esses limites, diversas propostas integradoras do nível teórico-metodológico vêm sendo desenvolvidas nos campos da análise de riscos e da saúde do trabalhador. Dentre estas, destacam-se aquelas sobre interdisciplinaridade, abordagens sistêmicas e participativas, que incorporam o saber dos trabalhadores e comunidades, forjando a interação entre conhecimento e diálogo como condição fundamental da prevenção e controle dos riscos tecnológicos ambientais.The objective of this paper is to identify theoretical questions and challenges for the public health field, especially the field of workers' health, raised by technological and environmental risks related to the workplace but going beyond it. Using industrial chemical risks as an example, the authors show the vulnerability of contemporary societies in handling such risks and the worsening situation in peripheral countries. The scope of risk analysis is presented according to the engineering, toxicological, and epidemiological approaches as well as the critique raised by the social sciences. Science alone cannot solve such complex problems as technological and environmental risks. To

  6. Forma clínica e fatores de risco associados ao estrabismo na binocularidade visual

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Nice Araujo Moraes Rocha

    2016-02-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo: Identificar e analisar fatores de risco associados ao estrabismo, dados oftalmológicos e antecedentes pessoais e familiares. Métodos: Estudo prospectivo, descritivo e analítico realizado com 240 pacientes que consultaram pela primeira vez nos ambulatórios de estrabismo. Foram avaliadas a frequência e associação entre estrabismo, dados de exames oftalmológicos e antecedentes pessoais e familiares para identificação dos fatores de risco. Resultados: Observou-se maior prevalência de estrabismo em mulheres (56,96% em relação aos homens (43,02%. A faixa etária mais atendida no ambulatório de estrabismo foi composta de crianças até 15 anos de idade (83,54%. Encontrou-se mais esotropia (55,27% que exotropia (42,20% e parcela menor de estrabismo vertical isolado (2,53%. A prematuridade foi associada ao estrabismo convergente (p=0,023 e não ao divergente (p=0,086. O diabetes mellitus materno foi associado à esotropia (p=0,024 e exotropia (p=0,036 no filho, mas a hipertensão arterial materna, uso de medicamentos para hipertensão e diabetes durante a gravidez e drogas ilícitas não foram estatisticamente significativos. Pacientes com paralisia cerebral tiveram mais associação com exotropia (p=0,008 que esotropia (p=0,019. Malformações congênitas, consanguinidade entre os pais e traumas oculares não apresentaram associação estatisticamente significativa para o estrabismo. A maioria dos pacientes com estrabismo apresentou boa acuidade visual corrigida e fundoscopia normal. Na análise de proporções a hipermetropia foi mais frequente na esotropia (68,7%. Conclusão: Os fatores de riscos internos e externos podem interferir na formação e desenvolvimento do olho na fase de plasticidade ocular, com prejuízo da binocularidade visual, podendo resultar em estrabismo. Há divergências com relação aos fatores de risco realmente associados e mais estudos são necessários para a identificação.

  7. Empilhadores - Avaliação de riscos e da fiabilidade humana na sua utilização

    OpenAIRE

    Sousa, Carlos Manuel Prada de

    2012-01-01

    O presente trabalho tem por base a aplicação da Análise dos Modos de Falha e seus Efeitos (FMEA) e da Análise de Fiabilidade Humana (HRA), na utilização de empilhadores. A Análise dos Modos de Falha e seus Efeitos (FMEA) incidiu na deteção das falhas potenciais que se reportam ao equipamento, de forma a identificar os perigos, avaliar a probabilidade de ocorrência de um acidente, devido a esse perigo, e detetar as suas possíveis consequências, e com base nos níveis de risco ...

  8. Alimentação como fator de risco para câncer de intestino em universitários

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Liliane Almeida

    2017-03-01

    Full Text Available Objetivo: Analisar a qualidade da alimentação de universitários como fator de risco para câncer de intestino. Métodos: Estudo transversal com 100 universitários do curso de Gastronomia de uma instituição de ensino privada em Montes Claros, Minas Gerais. Aferiu-se o índice de massa corporal (IMC. Coletaram-se o comportamento alimentar, prática de atividade física e a frequência alimentar. Utilizou-se a análise descritiva. Resultados: A partir dos resultados, verificou-se que 46% (n=46 dos estudantes estavam com a massa corporal elevada, ou seja, IMC ≥ 25 kg/m2 (sobrepeso e obesidade. A análise dos hábitos alimentares demonstrou mudança de peso corporal em 44% dos entrevistados, destes 25% apresentou ganho de massa corporal. Dentre os entrevistados, 41% alegou consumir embutidos, pizzas e fast foods dentre outros, e 57% relatou consumir alimentos industrializados de 1 a 3 vezes por semana. Os alimentos ricos em açúcar (café com açúcar, refrigerantes e chocolate eram consumidos diariamente por 71%, 30% e 24% dos participantes. O consumo de grãos (chia, linhaça e quinoa foi relatado por 7%. Conclusão: Observou-se alto consumo de alimentos processados e/ou industrializados com alto teor de gorduras e açúcares, juntamente com uma baixa ingestão de grãos. Essa conjuntura alimentar associada a um estilo de vida sedentário são fatores de risco para a instalação de um quadro de neoplasia.

  9. A voz dos cientistas críticos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lewgoy Flavio

    2000-01-01

    Full Text Available A polêmica sobre os organismos geneticamente modificados (OGMs é complexa, envolvendo poderosos interesses econômicos, bem como aspectos éticos, legais, emocionais e científicos. Os últimos são abordados neste artigo. Os cientistas do grupo `triunfalista' afirmam que os OGMs e produtos derivados são seguros para o meio ambiente e não oferecem maiores riscos à saúde que os similares não modificados geneticamente. Isto é contestado pelos cientistas `críticos', motivados pela escassez de estudos sobre impactos ambientais e toxicidade dos OGMs, e que apontam falhas em testes efetuados pelas empresas donas das patentes dos transgênicos. Questionam, ainda, o estado atual do processo de transgenia, pouco preciso, o que, aliado ao desconhecimento das funções de 97% do genoma, pode acarretar efeitos imprevistos, com riscos ainda não avaliados sobre o meio ambiente e a saúde pública, por exemplo, a transferência de genes alienígenas para outras espécies, o surgimento de toxinas, a criação de novos vírus, o impacto sobre insetos benéficos e a biodiversidade, em geral. Já há exemplos desses efeitos.

  10. Governança empresarial, riscos e controles internos: a emergência de um novo modelo de controladoria

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nilton Cano Martin

    2004-04-01

    Full Text Available O exercício dos poderes de governança dentro de uma empresa depende em alto grau da implantação de um sistema de identificação, avaliação e controle dos riscos que cercam a gestão dos recursos nela investidos. Como os que exercem a governança não têm poder executivo, fatalmente um desses riscos é o de agenciamento, segundo o qual os administradores dos recursos empresariais, ao darem prioridade aos seus próprios interesses, podem não aplicá-los da forma mais adequada aos acionistas/proprietários. A governança deve, pois, cercar a administração dos recursos empresariais com um sistema de controle de gestão. Esse sistema, que deve levar em consideração os riscos que são inerentes aos negócios e compreende o controle da custódia, do desempenho e da qualidade da informação, é, neste artigo, conceituado e descrito em termos das linhas gerais da sua composição e principais instrumentos. Demonstra-se, finalmente, que tais controles devem ser feitos de forma integrada e unificada num único órgão e que esse órgão deve ser a Controladoria, que deve ser reformulada e ter um posicionamento na estrutura organizacional das empresas totalmente independente dos órgãos de administração. Essas são as bases do chamado novo modelo de Controladoria.Corporate governance highly depends on the installation of a system for the identification, evaluation and control of the risks surrounding the administration of the invested resources. Since Board members do not have executive power, one of the business risks is always the agency risk, according to which business resource managers may put their own interests and priorities ahead of the interests and priorities of the owners/ shareholders. Hence, the Board must surround the administration of business resources with a management control system, considering inherent business risks and encompassing three types of control: custody, performance and information quality. In this article

  11. MARA - methodology to analyze environmental risks; MARA - elaboracao de metodologia para analise dos riscos ambientais

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Mendes, Renato F; Yogui, Regiane [PETROBRAS, Rio de Janeiro, RJ (Brazil); Minniti, Vivienne [Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (CETESB), Sao Paulo, SP (Brazil). Setor de Analise de Riscos; Lopes, Carlos F [Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (CETESB), Sao Paulo, SP (Brazil). Setor de Operacoes de Emergencia; Milaneli, Joao [Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (CETESB), Ubatuba, SP (Brazil). Agencia Ambiental de Ubatuba; Torres, Carlos [TRANSPETRO - PETROBRAS Transportes, Sao Paulo, SP (Brazil). Seguranca, Meio Ambiente e Saude; Rodrigues, Gabriela; Mariz, Eduardo [Consultoria Paulista, SP (Brazil)

    2005-07-01

    In the oil industry, the environmental impact assessment of an accident is both multi and interdisciplinary and goes through several approaches and depths. Due to the enormous complexity of the environmental analyses issues, mainly for being a science in development and not technological consensus, a macro methodology is presented for the purpose of identify areas that can be impacted by pipeline leakages and recommend improvements are applicable working as a table top response plan. The methodology of the Environmental Risk Mapping-MARA for pipelines rows, describes its concept and justifies the adoption of the environmental mapping during Risk Analyses studies, for PETROBRAS/TRANSPETRO new and existing pipelines. The development of this methodology is justified by the fact that it is a practical tool for identification, analysis and categorization of the more vulnerable environmental elements along a pipeline row and vicinities, during simulated occurrence of accidental spills of hydrocarbons in the environment. This methodology is a tool that allows Environmental Agencies and PETROBRAS a better way to manage in advance the Company emergencies. (author)

  12. Risco de suicídio em gestantes de alto risco: um estudo exploratório Risk of suicide in high risk pregnancy: an exploratory study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gláucia Rosana Guerra Benute

    2011-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar o risco para comportamento suicida em gestantes de alto risco em um hospital público de São Paulo. MÉTODOS: Foi realizada entrevista semiestruturada com questionário previamente elaborado com cada uma das participantes (n = 268. O risco para suicídio foi identificado por meio da versão em português do PRIME-MD. RESULTADOS: A média de idade foi de 29 anos (SD = 0,507 e 30 semanas gestacionais (SD = 0,556. Constatou-se risco específico para suicídio em 5% (n = 14 do total da amostra. Destas gestantes, 85% têm relacionamento estável (casada ou amasiada, em 50% dos casos a gestação foi planejada, 71% têm religião e não exercem atividade profissional. Quando correlacionados os dados de estado civil, planejamento da gestação, idade, escolaridade, atividade profissional, risco de prematuridade e religião com risco para suicídio, constatou-se que ter uma religião apresentou significância estatística (p = 0,012. Não foram encontradas associações positivas para nenhum dos outros itens selecionados, quando comparados com o risco para suicídio. Ao correlacionar o risco de suicídio com os demais sintomas característicos de depressão maior, observou-se significância estatística em relação à insônia ou hipersonia (p = 0,003, fadiga ou perda de energia (p = 0,001, diminuição ou aumento do apetite (p = 0,005, menor interesse nas atividades diárias (p = 0,000, humor deprimido (p = 0,000, sentimento de inutilidade ou culpa (p = 0,000, diminuição da concentração (p = 0,002, agitação ou retardo psicomotor (p = 0,002. CONCLUSÃO: Observou-se que a religião pode ser um fator protetor com relação ao comportamento suicida. Além de propiciar uma rede social de apoio da qual as mulheres necessitam no período gravídico, as religiões apoiam as crenças na vida após a morte e em um Deus amoroso, propiciando objetivos a vida e autoestima e fornecendo modelos de enfrentamento de crises. Os resultados

  13. Racionalidade e métodos: registro da prática clínica em pacientes de alto risco cardiovascular

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Alberto Piva e Mattos

    2011-07-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Até o momento, nenhum registro brasileiro foi desenhado para documentar a prática clínica em relação ao atendimento de pacientes de alto risco cardiovascular em uma representativa e ampla amostra de centros investigadores, incluindo hospitais públicos e privados em âmbito nacional. Sendo assim, este estudo permitirá identificar os hiatos na incorporação de intervenções com benefício comprovado em nosso meio. OBJETIVO: Elaborar um registro dedicado à aferição da prática clínica brasileira no que se refere ao atendimento do paciente cardiovascular classificado como de alto risco. MÉTODOS: Estudo observacional do tipo registro, prospectivo, visando documentar a prática clínica atual aplicada a nível ambulatorial para pacientes de alto risco cardiovascular, classificados quando da presença de uma das variáveis: evidência de doença arterial coronariana, doença cerebrovascular, vascular periférica, em diabéticos ou não diabéticos; ou na presença de pelo menos três dos seguintes fatores de risco cardiovascular: hipertensão arterial sistêmica, tabagismo ativo, dislipidemia, idade superior a 70 anos, nefropatia crônica, história familiar de doença arterial coronariana e ou doença carotídea assintomática. Os pacientes serão coletados em 43 centros de todas as regiões brasileiras, incluindo hospitais públicos e privados, assim como em unidades básicas de atendimento a saúde, e revisados clinicamente até um ano após a inclusão. RESULTADOS: Os resultados serão apresentados um ano após o início da coleta (setembro de 2011, e consolidados, após a reunião da população e dos objetivos almejados posteriormente. CONCLUSÃO: A análise deste registro multicêntrico permitirá projetar uma perspectiva horizontal do tratamento dos pacientes acometidos da doença cardiovascular no Brasil.

  14. Carne de consumo e risco de transmissão de Toxoplasma gondii

    OpenAIRE

    Rosado, Joana de Carvalho Serra

    2009-01-01

    O consumo de carne de suíno (Sus domesticus) é considerado o maior factor de risco para a transmissão da toxoplasmose aos humanos. No entanto, apesar dos suínos serem muito usados na gastronomia portuguesa, tanto pelo consumo de carne, como pelo de enchidos, pouco se sabe sobre a prevalência e caracterização genética de Toxoplasma gondii nestes produtos alimentares, no país. Neste trabalho, pretendeu-se determinar a seroprevalência de anticorpos IgG anti-T. gondii em suínos de ...

  15. Proposição de um modelo conceitual para mitigação de riscos no planejamento de transportes em cadeias de suprimentos globais

    OpenAIRE

    José Benedito Silva Santos Júnior

    2016-01-01

    Resumo: Cadeias de suprimentos globais requerem uma coordenação precisa dos fluxos de insumos, produtos acabados, informações e recursos financeiros. A natureza dinâmica das relações entre os diversos elos da cadeia de suprimentos evidencia a necessidade de uma abordagem apropriada para a gestão de riscos para todos os processos inerentes ao planejamento das operações em âmbito global, em particular, para as operações de transportes. A gestão de riscos no planejamento de sistemas de transport...

  16. Representações sociais dos usuários hospitalizados sobre cidadania: implicações para o cuidado hospitalar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flávia Pacheco de Araújo

    2016-08-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo: analisar as representacoes sociais de usuarios hospitalizados sobre a cidadania no cuidado hospitalar. Método: abordagem qualitativa com referencial da Teoria das Representacoes Sociais, realizada com 31 usuarios hospitalizados no setor de clinica medica de um hospital publico, universitario. Realizou-se entrevista semiestruturada, cujos dados foram submetidos ao programa Alceste, com aplicacao de analise lexical. Resultados: os usuarios conhecem os seus direitos, e a cidadania no cuidado e entendida a luz dos direitos a saude, de modo que sejam bem atendidos do ponto de vista tecnico e humano. Conclusão: o bom trato relacional e a prestacao do cuidado tecnico-procedimental sao direitos dos usuarios; logo, a ausência de um ou de outra implica o nao respeito a sua cidadania.

  17. Fatores de risco associados à hipertensão arterial em idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Suzane Albuquerque dos Santos Fukahori

    2017-02-01

    Full Text Available A Hipertensão Arterial Sistêmica é uma condição clínica com múltiplas causas e é definida por níveis elevados e sustentados de pressão arterial, sendo considerada uma das principais doenças crônicas não transmissíveis que acometem a população idosa. Objetivou-se identificar os fatores de risco associados à hipertensão arterial em idosos. O presente trabalho trata-se de uma revisão integrativa, com busca realizada na Biblioteca Virtual em Saúde, por meio das bases de dados LILACS, BDENF e MEDLINE, associados ao repositório SciELO, entre os anos de 2010 e 2015, com a utilização dos descritores combinados e síntese dos dados por meio de tabulações. Foram evidenciados como fatores de risco à hipertensão arterial nos idosos: a própria senilidade, o sexo feminino, excesso de peso, pior autopercepção de saúde, não adesão ao tratamento, incapacidade funcional, depressão e a inatividade física. Os resultados mostram o papel dos fatores de riscos para o desenvolvimento e complicações da hipertensão, todavia também são sinais para a detecção precoce e para a ampliação das intervenções de medidas de prevenção e controle nas diversas esferas de atendimento em saúde.Risk factors associated with arterial hypertension in elderlyAbstract: Systemic Arterial Hypertension is a clinical condition with multiple causes and is defined by elevated and sustained blood arterial pressure levels, being considered one of the main chronic non transmissible diseases that affect the elderly population. The aim of this study was to identify the risk factors associated with hypertension in the elderly. The present article deals with an integrative review, with a search carried out in the Virtual Health Library, through the LILACS, BDENF and MEDLINE databases, associated with the SciELO repository, between 2010 and 2015 years, using the descriptors combined and synthesis of the data by through tabulations. Senility, female gender

  18. Fatores Associados ao Consumo Alcoólico de Risco entre Universitários da Área da Saúde

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Karina Rocha Hora Mendonça

    Full Text Available RESUMO O álcool é a droga mais utilizada por universitários, pois o período de transição do ensino médio à universidade representa uma nova fase na vida de muitos estudantes pela maior exposição a mudanças no convívio familiar, em grupos sociais e em suas atividades diárias. Objetivo: Avaliar o padrão de consumo de álcool e os fatores associados ao consumo alcoólico de risco em universitários da área de saúde de Aracaju (SE. Métodos: Trata-se de estudo transversal com 1.147 estudantes do primeiro e do penúltimo período dos cursos de Medicina, Odontologia, Enfermagem, Fisioterapia e Nutrição de duas universidades da Grande Aracaju, sendo uma pública e uma privada. Os instrumentos foram dois questionários autoaplicáveis, um com as características gerais dos estudantes e o Alcohol Use Disorders Identification Test. Realizou-se estatística descritiva e a variável dependente foi dicotomizada para posterior regressão logística. Aplicou-se o Qui-Quadrado para testar a associação entre o consumo alcoólico de risco e as demais variáveis estudadas. O nível de significância adotado foi de 5%. Resultados: Verificou-se que 80,7% consumiram bebida alcoólica pelo menos uma vez na vida e que 68,8% ingeriram álcool no último ano. A média de idade de início da experimentação do alcool foi de 15,82 anos. O padrão de consumo de risco foi evidenciado em 21,1% dos estudantes e esteve associado positivamente com sexo masculino (OR = 2,94, instituição privada de ensino (OR = 1,59, tabagismo (OR = 5,99, desejo de consumir álcool consequente à mídia televisiva (OR = 2,35, uso associado com bebidas energéticas (OR = 1,83, dirigir alcoolizado (OR = 1,85, pegar carona com motorista alcoolizado (OR = 3,16 e uso de outras drogas (OR = 1,84. Conclusão: Observou-se início precoce de experimentação alcoólica e elevada prevalência de consumo alcoólico de risco entre os universitários da área de saúde de Aracaju (SE. Os

  19. Saúde e segurança e a subjetividade no trabalho: os riscos psicossociais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valéria Salek Ruiz

    Full Text Available Este ensaio apresenta reflexões sobre saúde e segurança no trabalho destacando as recentes propostas de inclusão dos aspectos psicossociais nas abordagens dos riscos ocupacionais que tradicionalmente valorizam apenas os aspectos objetivos (químicos, físicos e biológicos. Para subsidiar as colocações aqui mencionadas, foram utilizados referenciais teórico-metodológicos que, adotando uma perspectiva dinâmica, partem da atividade, do trabalho real, especialmente a psicodinâmica do trabalho e a perspectiva ergológica. Aponta-se para a necessidade de revisitar os atuais modelos de gestão de riscos ocupacionais centrados no controle e no cumprimento fiel das orientações, incorporando também as dimensões subjetivas, aquilo que é da ordem do não antecipável, que advém das situações reais com suas dramáticas, encontros, escolhas e ressingularizações. Nesse sentido, ressaltada a dimensão gestionária das atividades, seus protagonistas são convocados não apenas a cumprir prescrições elaboradas por especialistas, mas também a exercer, individual e coletivamente, a coautoria na gestão de sua saúde, segurança, trabalho e vida.

  20. Demanda dos principais metais e novos materiais : analise de tendencias

    OpenAIRE

    Wilson Trigueiro de Sousa

    1990-01-01

    Resumo: Neste trabalho são analisadas algumas tendências na área de novos materiais na tentativa de obter um melhor entendimento das repercussões das atuais inovações tecnológicas para o setor mineral. Inicialmente são revisados os principais estudos sobre as mudanças ocorridas por volta de 1972/74 no comportamento da demanda dos metais mais importantes. Entre as possíveis causas, está o progresso técnico, que tornou possível o surgimento de novos materiais e o aperfeiçoamento de outros em us...

  1. Microcistinas: risco de contaminação em águas eutróficas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcia Kamogae

    2000-05-01

    Full Text Available O aumento populacional, aliado à modernização da sociedade, incrementou o consumo de água, tornando o represamento recurso imprescindível para atender à demanda. Inúmeros fatores inter-relacionados contribuem para agravar o risco da deterioração da água, dentre os quais se destacam as microcistinas. Estas hepatotoxinas, produzidas por cianobactérias dos gêneros Anabaena, Microcystis, Nostoc e Oscillatorias, consistem de heptapeptídio de estrutura monocíclica cujo risco iminente da constante ingestão se deve ao efeito de potente promotor de tumor. A produção de microcistinas é favorecida por fatores ambientais onde existe elevada concentração de nutrientes e luminosidade, fatores estes que se tornaram inevitáveis no atual ecossistema. A crescente eutroficação de água ocorre em ritmo acelerado, decorrente da poluição pela industrialização, lixo doméstico, práticas agrícolas, além da espoliação de recursos naturais. Com a finalidade de alertar a comunidade e despertar seu interesse, este trabalho discorre sobre microcistinas e fatores de risco - perspectivas de sua contaminação, objetivando ainda estabelecer medidas preventivas que minimizem a deterioração das águas.

  2. Perigos e riscos na medicina laboratorial: identificação e avaliação Hazards and risks in laboratory medicine: identification and evaluation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valéria Aparecida Faria

    2011-06-01

    Full Text Available Os perigos no ambiente de trabalho estão relacionados com qualquer tipo de fonte potencialmente danosa, em termos de lesões, ferimentos ou danos para a saúde ou uma combinação desses fatores. Os riscos são consequências dos perigos existentes no laboratório. Os laboratórios clínicos apresentam múltiplos riscos ocupacionais aos trabalhadores, categorizados como riscos biológicos, físicos, químicos, ergonômicos e para ocorrência de acidentes. É importante o laboratório identificar os riscos, avaliar os impactos que podem afetar o negócio e estabelecer critérios de priorização para a tomada de decisões, implementando estratégias e ações preventivas, a fim de evitar a instalação de falhas ou danos potenciais. Este artigo propõe uma sistemática de identificação e avaliação dos perigos e riscos em saúde e segurança ocupacional no laboratório clínico e discute suas aplicações na prática operacional.Workplace hazards are related to any potentially harmful source in terms of lesions, injuries and health damage or a combination of these factors. The risks are consequences of laboratory hazards. Clinical laboratories pose multiple occupational hazards, which are categorized as biological, physical, chemical, ergonomic and accident prone. It is important to identify risks, assess the impacts that may affect the enterprise and establish prioritization criteria for making decisions. Furthermore, it is essential to implement strategies and preventive actions in order to avoid flaws or potential damage. Not only does this article propose a systematic identification and assessment of hazards, health risks and occupational safety within clinical laboratories, but it also discusses their applications in operational practice.

  3. Identificação de alunos em risco de apresentarem dislexia: um estudo sobre a utilização da monitorização da fluência de leitura num contexto escolar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosa Filipa Ferreira de Mendonça

    2014-03-01

    Full Text Available A finalidade deste estudo foi descrever o uso da monitorização com base no currículo (MBC - fluência, na identificação de alunos em risco de apresentarem dislexia. Participaram 146 alunos do 3º ano do 1º Ciclo do Ensino Básico dum agrupamento de escolas do concelho de Braga, Portugal, que foram monitorizados em dois momentos ao longo do ano letivo. Foram considerados alunos em risco, aqueles cujo resultado se encontrava abaixo ou no percentil 20. Os resultados permitiram concluir que: 1 A prova de MBC mostrou ser econômica, fácil e rápida de aplicar, de cotar e bem aceita pelos professores e alunos; 2 Em média, a prestação dos alunos na primeira aplicação foi de 85,21 (DP = 28,41 palavras corretas por minuto (pcpm, na segunda aplicação (final do ano letivo foi de 97,46 (DP = 30,07 pcpm; 3 O crescimento semanal foi de 0,49 (DP=0,38 pcpm; 4 Encontram-se em risco de apresentarem dislexia, após a segunda aplicação 11 rapazes e 18 raparigas; 5 A diferença de resultados entre turmas é estatisticamente significativa; 6 No final do ano letivo em duas turmas mais de 30% dos alunos estão em risco de apresentarem dislexia, tendo em conta o valor do risco da amostra; 7 70,55% dos participantes não atingiram o objetivo das 110 pcpm estipulado pelo Ministério da Educação para aquele ano de escolaridade; 8 O valor do Alfa de Cronbach para a primeira aplicação foi de 0,981 e para a segunda aplicação foi de 0,978.

  4. Avaliação funcional dos pés de portadoresde diabetes tipo II

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vinicius Saura Cardoso

    2013-12-01

    Full Text Available Objetivo: Avaliar a ocorrência de alterações funcionais e o risco de desenvolver úlceras nos pacientes diabéticos tipo II atendidos em Unidades Básicas de Saúde (UBS. Métodos: Realizou-se estudo transversal, quantitativo e descritivo com 80 portadores de diabetes mellitus (DM tipo II que apresentavam idade entre 41 e 85 anos e frequentavam as UBS do município de Parnaíba-PI. Os voluntários responderam ao questionário de identificação e ao Michigan Neuropathy Screening Instrument (MNSI, seguido da avaliação dos membros inferiores, sendo: reflexos aquileu e patelar; palpação dos pulsos arteriais (tibial posterior e pedioso; sensibilidade tátil (monofilamento 10g e vibratória (diapasão 128 Hz; identificação da presença de alterações como unha encravada, calosidades, dedos em garra e queda de pelos. Por fim, utilizando as informações adquiridas na avaliação, os voluntários foram classificados quanto ao risco de desenvolver feridas. Resultados: A amostra foi composta por 76 diabéticos, com média de idade de 63,8±10,4 anos, sendo 63 (82,8% do sexo feminino, com média de tempo de diagnóstico de 8,8±7,2 anos, média do índice de massa corpórea (IMC de 28,2±5,4 Kg/m2, sendo 15,7% da amostra fumantes. Os reflexos miotáticos e pulsos arteriais apresentaram-se hiporreflexos e diminuídos, respectivamente. A sensibilidade tátil foi identificada em 81,5%, e 13,1% não sentiram a vibração do diapasão. A calosidade foi a alteração mais prevalente em 76,3% (n=58. O risco 2 de desenvolver úlceras se sobressaiu, 52,6% (n=40. Conclusão: Observaram-se alterações funcionais na amostra estudada e uma classificação de risco 2 para desenvolvimento de feridas em mais de 50% dos avaliados.

  5. Excesso de peso em adolescentes e estado nutricional dos pais: uma revisão sistemática

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Niedja Maria da Silva Lima

    Full Text Available Resumo O objetivo do presente estudo é verificar a associação entre o excesso de peso em adolescentes e o estado nutricional dos pais e identificar possíveis fatores determinantes. A pesquisa foi realizada nas bases de dados Pubmed, Lilacs, Scielo e Biblioteca Virtual de Saúde (BVS, considerando-se o período de 2004 a 2014. Os descritores usados foram: “Adolescente”, “Fatores de risco”, “Obesidade”, “Pais” e “Sobrepeso”. Dos 366 artigos encontrados, apenas 07 atenderam a todos os critérios de elegibilidade. Notou-se nos adolescentes prevalência de sobrepeso mais elevada nos estudos realizados no Brasile na Grécia, enquanto a prevalência de obesidade foi maior nos estudos conduzidos nos Estados Unidos. Foram verificadas maiores prevalências de excesso de peso em adolescentes do sexo masculino. Todos os trabalhos mostraram que a presença de sobrepeso ou obesidade no pai ou na mãe aumenta o risco dos adolescentes desenvolverem excesso de peso, e esse risco é ainda maior quando ambos os pais são obesos. A grande associação entre excesso de peso nos adolescentes e estado nutricional dos pais está relacionada com inúmeros fatores, dessa forma, a presença de um fator de risco, como, por exemplo, a predisposição genética, pode ser amenizada por um fator de proteção, como hábitos alimentares saudáveis.

  6. Correlação dos escores de risco com a anatomia coronária na síndrome coronária aguda sem supra-ST Correlation of risk scores with coronary anatomy in non-ST-elevation acute coronary syndrome

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elizabete Silva dos Santos

    2013-01-01

    Full Text Available FUNDAMENTO:Há poucas publicações sobre a correlação entre escores de risco e anatomia coronária na síndrome coronária aguda (SCA. OBJETIVO: Correlacionar os escores de risco com a gravidade da lesão coronária na SCA sem supra-ST. MÉTODOS: Foram analisados 582 pacientes entre julho de 2004 e outubro de 2006. Avaliou-se a correlação entre os escores de risco TIMI, GRACE hospitalar e em seis meses com lesão coronária > 50%, por método não paramétrico de Spearman. Modelo de regressão logística múltipla foi realizado para determinar a habilidade preditiva dos escores em discriminar quem terá ou não lesão coronária > 50%. RESULTADOS: Foram 319 (54,8% homens e a média de idade era 59,9 (± 10,6 anos. Correlação positiva foi observada entre a pontuação dos escores de risco e lesão coronária > 50% (escore de risco TIMI r = 0,363 [p 50% foi: TIMI = 0,704 [IC95% 0,656-0,752; p BACKGROUND: The literature lacks studies regarding the correlation between risk scores and coronary anatomy in acute coronary syndrome (ACS OBJECTIVE: Correlate risk scores with the severity of the coronary lesion in ACS with non-ST elevation. METHODS: A total of 582 patients were analyzed between July 2004 and October 2006. The correlation between TIMI risk scores and GRACE (hospital and six months scores was performed for patients with coronary lesion > 50%, using Spearman´s non-parametric method. Multiple regression logistics was used to determine the predictive ability of the scores to discriminate to discriminate who will have a coronary lesion > 50%. RESULTS: Most subjects were male (319 or 54.8%, mean age of 59.9 (± 10.6 years. A positive correlation was observed between risk scores and >coronary lesion > 50% (TIMI r = 0.363 [p 50% was: TIMI = 0.704 [CI95% 0.656-0.752; p <0.0001]; hospital GRACE = 0.623 [CI95% 0.573-0.673; p < 0.0001]; GRACE at six months= 0.562 [CI95% 0.510-0.613; p ;= 0.0255]. Comparing the areas under the ROC curve, it was

  7. Aplicação dos modelos PESERA e MEDALUS para avaliação dos riscos de erosão do solo e de desertificação da bacia hidrográfica do Vale do Gaio Use of PESERA and MEDALUS models to assess soil erosion risks and land desertification in Vale do Gaio watershed

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M. C. Gonçalves

    2010-01-01

    Full Text Available Neste trabalho testaram-se duas metodo­logias de avaliação dos riscos de erosão do solo e de desertificação na bacia hidrográfi­ca de Vale do Gaio (513 km², localizada no Alentejo. Os solos dominantes na bacia são os Cambissolos, Luvissolos e Regossolos. Os sistemas de Montado de Azinho e Sobro e os sistemas agrícolas de sequeiro domi­nam, por sua vez, a ocupação dos solos. O risco de erosão foi avaliado por estimativas das perdas do solo por erosão hídrica, atra­vés do modelo PESERA. As áreas em risco de desertificação foram determinadas com base na metodologia MEDALUS. As três classes mais representativas de perdas do solo por erosão hídrica, com base nos dados meteorológicos de 2001-2006, foram: In this study two methodologies were tested to assess soil erosion and land deserti­fication risks in Vale do Gaio watershed (513 km², located in the Alentejo region. Cambisols, Luvisols, and Regosols are the dominant soils in the watershed. Oak tree Mediterranean woodland, Agricultural crops and pastures are the major land uses. Soil erosion risks were assessed by estimating soil loss by water erosion with the PESERA model. Land area at risk of desertification was determined based on the MEDALUS methodology. Based on meteorological data from the period 2001-2006, the three most representative classes of soil loss by water erosion were: <0.5 t/ha/year in 32.1% of the area; 5-10 t/ha/year in 23.3% of the area; and 10-20 t/ha/year in 16.9% of the area. Considering the same time period, the land area at risk of desertification was classified: 1.8% as none threatened; 3.9% as potential; 68.4% as fragile; and 25.9% as critical to desertification.

  8. Aplicação de índice comparativo na avaliação do risco de degradação das terras

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    S. B. L. Ranieri

    1998-12-01

    Full Text Available A determinação do risco de degradação das terras em uma microbacia hidrográfica constitui importante subsídio para o planejamento agrícola e ambiental. A tendência atual é que as informações necessárias para a avaliação das terras sejam compatíveis com técnicas de geoprocessamento e tratadas de forma menos subjetiva. Todavia, critérios ou parâmetros que avaliem quantitativamente o risco de degradação das terras e que sejam compatíveis com a escala de microbacia hidrográfica e aplicáveis por meio de Sistemas de Informação Geográfica (SIGs ainda precisam ser mais bem definidos. O objetivo deste trabalho, realizado no segundo semestre de 1996, foi elaborar um método de avaliação comparativa do risco de degradação das terras na bacia hidrográfica dos Marins (Piracicaba, SP, sob diferentes cenários de uso, utilizando SIG. Os mapas de risco de degradação foram gerados com base em matrizes de decisão para os seguintes cenários de uso: (a sem cobertura vegetal; (b uso atual da terra; (c uso único; (d uso redistribuído; (e uso planejado. Os resultados foram comparados por um índice denominado "Índice Ponderado de Risco de Degradação (IP D". Por meio desse índice foi possível comparar quantitativamente o risco de degradação para os cenários de uso propostos. Os resultados mostraram que a tentativa de alterar apenas a distribuição espacial dos usos da terra não foi suficiente para diminuir o risco de degradação final da área, caracterizando, assim, a superutilização das terras da microbacia. Para diminuir os impactos causados por essa superutilização, faz-se necessária a definição de critérios de restrição de ocupação que conciliem áreas de maior suscetibilidade à erosão com usos que ofereçam maior proteção ao solo, levando à diminuição da área ocupada com culturas anuais e semiperenes.

  9. Mulheres com gravidez de maior risco: vivências e percepções de necessidades e cuidado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela do Carmo Oliveira

    2015-03-01

    Full Text Available Objetivo: Compreender vivências e percepções de mulheres com gestação de maior risco, relativas aos problemas/necessidades de saúde e práticas de cuidado. Métodos: Estudo descritivo-qualitativo, realizado em Cuiabá, Mato Grosso, com 12 mulheres em acompanhamento pré-natal em um serviço público especializado, por meio de entrevista semiestruturada e análise de conteúdo temática. Resultados: As participantes expressam a vivência de importantes eventos não médicos, que influem em sua saúde, como desinformação, medos, preocupações, desorganização da vida cotidiana e familiar, carências financeiras, e outras. Contudo, para o pré-natal, avalizam cuidados orientados pela perspectiva de risco, de controle dos problemas médicos. Reportam-se à necessidade de cuidados amplos, mas, para isso, buscam suporte na família e rede social comunitária de apoio. Conclusão: A compreensão das vivências e dos pontos de vista das mulheres grávidas é imprescindível à construção de ações pré-natais que respondam a necessidades de cuidados abrangentes.

  10. O discurso do risco e o aconselhamento genético pré-natal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marilena C. D. V. Corrêa

    Full Text Available A medicalização é um fenômeno social difuso nas sociedades ocidentais que se expressa segundo um diferencial de gênero. A gravidez é um momento fortemente medicalizado, no qual as mulheres se vêem cercadas de uma rede de vigilância de seu corpo, sendo responsabilizadas não só pela própria saúde, mas também pela produção de um feto saudável. O controle dos riscos no pré-natal é proposto, entretanto, em um contexto no qual as possibilidades diagnósticas são amplamente majoritárias comparativamente às possibilidades terapêuticas. Essa defasagem é agravada pelo fato de, no Brasil, o abortamento ser ilegal. Este artigo é fruto de pesquisa empírica realizada em um ambulatório público de genética pré-natal, que constou de: observação das práticas de atendimento, revisão de prontuários e realização de entrevistas com profissionais de saúde. Discutem-se o contexto fortemente medicalizado do aconselhamento genético no Brasil e a percepção dos médicos sobre suas práticas neste contexto. É discutido também o possível impacto sobre a tomada de decisão das mulheres atendidas em relação a riscos, técnicas, exames e seus desdobramentos.

  11. Factores de Risco da Asma Grave

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    N. Adel

    1999-07-01

    Full Text Available RESUMO: Apesar da rápida progressão do conhecimento da fisiopatologia da asma e da larga difusão de meios terapêuticos de eficácia acrescida, observase um aumento da morbalidade e da morbildade da asma em numerosos paises, em particular nos paises industrialtzados, por razões ainda pouco conhecidas Estes factos permitem questionar o funcionamento do sistema de cuidados de saúde e a difusão dos progressos terapêuticos na população asmática. Os autores definem o concetto de asma aguda grave, salientando dois tipos: o tipo 1, de «instalação progressiva» em algumas horas ou dtas eo upo 2 de «instalação brutal» em menos de três horas Os factores de risco para cada urn deles parecem ser diferentes.Os autores fazem uma revisão dos factores de risco da asma grave, tendo em conta as caracterisucas individuais do doente, os factores ambientats e a intervenção da sociedade.Em relação aos factores individuais como a idade e o sexo, verificase que na infância, as taxas de internarmento por asma são mais elevadas no sexo masculino, sendo no total de internamentos em todas as idades, mais elevadas no sexo feminino e em doentes com internamentos anteriores por asma. O aumento da mortalidade por asma atinge em particular os doentes jovens economicamente desfavorecidos, pela dificuldade no acesso aos cuidados de saúde e na compra dos medicamentos, por utilizarem com menor frequência os tratamentos de crise e de fundo. Os factores psicológicos podem predispor à morte por asma no adolescente, sendo relevantes a subvalo-rização e a negação da doença por parte do doente ou da família Verificase por outro lado, um aumento da prevalência da depressão e do desespero nas cnanças com asma grave. As reacçõs psicológicas face a acontecimentos negauvos, como a morte de um ente próximo, a perda de emprego, conflitos familiares, provocam maior

  12. O preparo para o trabalho de risco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Yone Caldas Silva

    Full Text Available A autora focaliza a importância da preparação psicológica e profissional dos trabalhadores, para enfrentarem os riscos do trabalho, no cenário atual de mudanças nas organizações. Considerando a literatura científica internacional, apresenta dados de sua experiência pessoal. A partir do diagnóstico organizacional, sob a coordenação da Assessoria em Segurança, Saúde e Meio Ambiente, da Refinaria Duque de Caxias, (RJ , da qual era consultora, foi aplicada uma metodologia baseada na autonomia de ação de grupos de empregados, incluindo decisões na aplicação de recursos. Como resultados, são evidenciados a dinamização da estrutura organizacional, mudanças nas condições de trabalho, diminuição significativa nos índices e na gravidade dos acidentes, maior capacitação psicológica e profissional para o trabalho de equipe e o desenvolvimento de aptidão gerencial. Conclui, focalizando o importante papel das instituições vinculadas à segurança, saúde e meio-ambiente, indicando a necessidade de serem implementadas pesquisas de novas metodologias concernentes aos aspectos psicológicos do trabalho.

  13. Risco de distúrbios psiquiátricos menores em área metropolitana na região Sudeste do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Souza Maria de Fátima Marinho

    1998-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever e analisar as características associadas ao risco de ocorrência de distúrbios psiquiátricos menores para a categoria de motoristas e cobradores de ônibus urbanos na cidade de São Paulo (Brasil, em 1990. METODOLOGIA: Estudou-se a prevalência dos distúrbios psiquiátricos menores (DPM em uma amostra de 925 motoristas e cobradores, controlando e identificando as variáveis de confundimento existentes, através da análise de regressão logística, utilizando-se um modelo progressivo, passo a passo. RESULTADOS: Observou-se uma prevalência de DPM de 20,3% no conjunto dos dois grupos de trabalhadores, sendo significativamente maior entre os cobradores (28% do que entre os motoristas (13% (p < 0,0001. A análise de regressão logística mostrou o trânsito intenso (or = 1,99; com intervalo de confiança de 95% = 1,39-2,84 e a condição ocupacional de cobrador (or = 1,84; ic95% = 1,09-3,10 como os fatores de maior risco para os DPM. Além desses, mostraram-se fatores de risco, o déficit de sono (dormir menos que 6 horas diárias, o absenteísmo, utilização de banco sem mecanismos de regulagem, migração da região Nordeste e alterações na escala de trabalho. CONCLUSÕES: O risco para a categoria ocupacional cobrador sugere a importância deste trabalho específico como determinante do sofrimento psíquico, levando a considerar-se a relação com os passageiros como um possível fator de risco, pois esta é nuclear no trabalho do cobrador. Recomenda-se a realização de novos estudos que busquem entender melhor a relação com os passageiros, a especificidade do trabalho do cobrador e do motorista e seus problemas de saúde, de modo a subsidiar-se mudanças na organização do trabalho do sistema.

  14. Risco de distúrbios psiquiátricos menores em área metropolitana na região Sudeste do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria de Fátima Marinho Souza

    1998-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever e analisar as características associadas ao risco de ocorrência de distúrbios psiquiátricos menores para a categoria de motoristas e cobradores de ônibus urbanos na cidade de São Paulo (Brasil, em 1990. METODOLOGIA: Estudou-se a prevalência dos distúrbios psiquiátricos menores (DPM em uma amostra de 925 motoristas e cobradores, controlando e identificando as variáveis de confundimento existentes, através da análise de regressão logística, utilizando-se um modelo progressivo, passo a passo. RESULTADOS: Observou-se uma prevalência de DPM de 20,3% no conjunto dos dois grupos de trabalhadores, sendo significativamente maior entre os cobradores (28% do que entre os motoristas (13% (p < 0,0001. A análise de regressão logística mostrou o trânsito intenso (or = 1,99; com intervalo de confiança de 95% = 1,39-2,84 e a condição ocupacional de cobrador (or = 1,84; ic95% = 1,09-3,10 como os fatores de maior risco para os DPM. Além desses, mostraram-se fatores de risco, o déficit de sono (dormir menos que 6 horas diárias, o absenteísmo, utilização de banco sem mecanismos de regulagem, migração da região Nordeste e alterações na escala de trabalho. CONCLUSÕES: O risco para a categoria ocupacional cobrador sugere a importância deste trabalho específico como determinante do sofrimento psíquico, levando a considerar-se a relação com os passageiros como um possível fator de risco, pois esta é nuclear no trabalho do cobrador. Recomenda-se a realização de novos estudos que busquem entender melhor a relação com os passageiros, a especificidade do trabalho do cobrador e do motorista e seus problemas de saúde, de modo a subsidiar-se mudanças na organização do trabalho do sistema.

  15. Recensão crítica do livro 'Exposição a fungos dos trabalhadores dos ginásios com piscina', de Carla S. C. Viegas

    OpenAIRE

    Santos, Carlos Silva

    2012-01-01

    A amplitude e diversidade dos agentes micóticos, fatores de risco profissional de um grupo particular de trabalhadores, é claramente esplanada na revisão bibliográfica que, de uma forma pedagógica e descritiva, refere as características essenciais das espécies fúngicas patogénicas para o Homem, nomeadamente fungos dermatófilos, leveduras e fungos filamentosos não dermatófilos. A prevalência de Tínea pedis e onicomicose, os fatores predisponentes e o contexto profissional dos ginásios co...

  16. Associação entre risco de disfagia e risco nutricional em idosos internados em hospital universitário de Brasília Association between risk of dysphagia and nutritional risk in elderly inpatients at a univesity hospital of Brasília, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Rolim Vieira Maciel

    2008-08-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Investigar a associação entre o grau de risco de disfagia e o risco nutricional dos pacientes idosos internados na clínica médica do Hospital Universitário de Brasília. MÉTODOS: Estudo transversal, analítico, original, observacional, não-controlado, com amostra de conveniência e estratificada. Foram aplicados a Mini Avaliação Nutricional e o questionário de risco de disfagia em 49 pacientes idosos nas primeiras 48 horas após admissão na clínica médica, em setembro de 2006. RESULTADOS: A freqüência de idosos foi maior na faixa etária entre 60-74 anos 11meses (78%, com média de idade de 69 anos, sendo 41% mulheres e 59% homens. A proporção de risco de disfagia dos pacientes idosos foi de 69% e do estado nutricional inadequado de 71%, valor elevado principalmente entre as mulheres. Ambos os sexos se encontram em risco nutricional, masculino (20,5, Desvio-padrão - DP=5 e feminino (19, DP=6. O estudo mostrou que as mulheres apresentam uma tendência maior para risco de disfagia, porém os homens apresentam um quadro de maior gravidade (risco moderado. Foi encontrada uma correlação negativa moderada entre os valores de risco de disfagia e seus respectivos scores da Mini Avaliação Nutricional. CONCLUSÃO: Foi verificado neste estudo que os idosos apresentam dois agravantes de sua qualidade de vida: estado nutricional e disfagia, que podem ser agudizados na internação hospitalar.OBJECTIVES: This study aimed to verify the association between the degree of risk of dysphagia and nutritional risk of elderly inpatients at the medical clinic of Brasília´s University Hospital. METHODS: This is a cross-sectional, analytic, original, observational, uncontrolled study with convenience and stratified sample. The Mini Nutritional Assessment and a questionnaire to assess risk of dysphagia were administered to 49 elderly patients within the first 48 hours after admission to the medical clinic, in September 2006. RESULTS

  17. A problemática dos resíduos em sistemas gelificados para a limpeza de pinturas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Teresa Moreira Braga Teves Reis

    2012-12-01

    Full Text Available A limpeza de superfícies pictóricas com sistemas gelificados tem vindo a levantar diversas questões e opiniões contraditórias que se prendem com a deposição de resíduos de alguns componentes dos géis, nomeadamente os surfactantes, nas superfícies tratadas, e com potenciais riscos que ditos sistemas gelificados podem apresentar para os materiais constituintes das pinturas. Propôs-se neste artigo fazer uma revisão generalizada da informação já publicada acerca dos resíduos de géis, numa tentativa de informar outros colegas da profissão acerca deste assunto e assim fomentar tomadas de decisões mais esclarecidas relativamente a uma das operações que mais riscos apresenta para uma pintura: a sua limpeza.

  18. Prevalência dos sintomas musculoesqueléticos em movimentadores de mercadorias com carga Prevalence of muscle-skeletal symptoms for load workers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eduardo Concepción Batiz

    2012-01-01

    Full Text Available A atividade do trabalhador que manuseia cargas o predispõe a riscos decorrentes dos fatores biomecânicos, excesso de força, posturas inadequadas e dos fatores organizacionais que, quando utilizados de forma inadequada, sua aplicação repercute na saúde dos trabalhadores e na produção. O presente trabalho foi realizado em 3 comércios atacadistas e tem como objetivo identificar os fatores de risco que podem provocar a prevalência dos sintomas musculoesqueléticos. Aplicaram-se à amostra selecionada de 134 trabalhadores um questionário organizacional, questionário nórdico de sintomas osteomusculares e o guia para avaliação e prevenção dos riscos relativos à manipulação manual de cargas. Ressalta-se que pela carga que carregam, pelas posturas que adotam e pelos sintomas de dor (63,4% da amostra associados aos fatores anteriores, a atividade se constitui em um risco para a saúde. Os resultados corroboram com os estudos, estabelecendo fortes indícios entre a carga física do trabalho e os sintomas musculoesqueléticos.Handling load is an activity that predisposes the worker to risks due to biomechanical factors, excess of force, inadequate positions and organizational factors. These organizational factors may reflect injuries to workers' health and production when used in an inadequate way. This study was carried out using 3 wholesale businesses, aiming to identify the risk factors that could lead to the prevalence of muscle-skeletal symptoms. An organizational questionnaire, a Nordic questionnaire for musculoskeletal symptoms and a guide for assessment and prevention of risks related to handling load was applied to a select sample of 134 workers. It was possible to notice that the loading, the adopted positions and the pain symptoms (63.4% of the sample, associated to the previous factors, may represent a health risk. The results supported the studies, establishing strong indications between physical load of work and muscle

  19. Prevalência dos sintomas musculoesqueléticos em movimentadores de mercadorias com carga Prevalence of muscle-skeletal symptoms for load workers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eduardo Concepción Batiz

    2013-03-01

    Full Text Available A atividade do trabalhador que manuseia cargas o predispõe a riscos decorrentes dos fatores biomecânicos, excesso de força, posturas inadequadas e dos fatores organizacionais que, quando utilizados de forma inadequada, sua aplicação repercute na saúde dos trabalhadores e na produção. O presente trabalho foi realizado em 3 comércios atacadistas e tem como objetivo identificar os fatores de risco que podem provocar a prevalência dos sintomas musculoesqueléticos. Aplicaram-se à amostra selecionada de 134 trabalhadores um questionário organizacional, questionário nórdico de sintomas osteomusculares e o guia para avaliação e prevenção dos riscos relativos à manipulação manual de cargas. Ressalta-se que pela carga que carregam, pelas posturas que adotam e pelos sintomas de dor (63,4% da amostra associados aos fatores anteriores, a atividade se constitui em um risco para a saúde. Os resultados corroboram com os estudos, estabelecendo fortes indícios entre a carga física do trabalho e os sintomas musculoesqueléticos.Handling load is an activity that predisposes the worker to risks due to biomechanical factors, excess of force, inadequate positions and organizational factors. These organizational factors may reflect injuries to workers' health and production when used in an inadequate way. This study was carried out using 3 wholesale businesses, aiming to identify the risk factors that could lead to the prevalence of muscle-skeletal symptoms. An organizational questionnaire, a Nordic questionnaire for musculoskeletal symptoms and a guide for assessment and prevention of risks related to handling load was applied to a select sample of 134 workers. It was possible to notice that the loading, the adopted positions and the pain symptoms (63.4% of the sample, associated to the previous factors, may represent a health risk. The results supported the studies, establishing strong indications between physical load of work and muscle

  20. Análise dos Testes de Vitalidade Fetal e dos Resultados Perinatais em Gestações de Alto Risco com Oligoidrâmnio Analysis of Fetal Well-being and Perinatal Outcome in the High-risk Pregnancies Complicated by Oligohydramnios

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roseli Mieko Yamamoto Nomura

    2002-07-01

    Full Text Available Objetivos: analisar, em gestações de alto risco com diagnóstico de oligoidrâmnio, os resultados dos testes de avaliação da vitalidade fetal e os resultados perinatais. Métodos: foram selecionadas retrospectivamente 572 gestações de alto risco com diagnóstico de oligoidrâmnio, caracterizado por ILA inferior ou igual a 5,0 cm. Destas, 220 apresentavam diagnóstico de oligoidrâmnio grave (ILA Purpose: to evaluate, in the high-risk pregnancies with oligohydramnios, the assessment tools for fetal well-being and perinatal results. Methods: five hundred seventy-two high-risk pregnancies were retrospectively analyzed. All of them presented with oligohydramnios established by AFI <=5.0 cm. Severe oligohydramnios was detected in 220 cases (AFI<=3,0 cm. The fetal well-being tests included: antepartum cardiotocography, biophysical profile score (BPS and dopplervelocimetry of umbilical and middle cerebral arteries. Multiple gestation, fetal anomalies and premature rupture of membrane cases were excluded. Results: severe oligohydramnios was significantlly associated with abnormal and suspected cardiotocography results (23.2%, abnormal biophysical profile score (10.5%, abnormal results of middle cerebral artery dopplervelocimetry (54.5%, small for gestational age infants (32.7% and meconial amniotic fluid (27.9% when compared to pregnancies with AFI between 3.1 and 5.0 cm. This group presented: abnormal or suspected cardiotocography results (13.9%, abnormal biophysical profile score (4.3%, abnormal results of middle cerebral artery dopplervelocimetry (33.9%, small for gestational age infants (21.0% and meconial amniotic fluid (16.8%. Conclusion: the oligohydramnios severity in high-risk pregnancies allows to discriminate the cases that are related to adverse perinatal outcome.

  1. n Analise van die gemeente as deel van hierdie proses

    African Journals Online (AJOL)

    phase of this subject is the analysis of the situation in the local church. The purpose of the analysis is to syste matically ... planned carefully. This study gives attention to a plan ned situation-analysis of the local church. 1. ...... 6.1.2.5 Die dinkskrum en 'swot'-analise. 'n Dinkskrum is 'n tegniek waar 'n groep soveel as moontlik ...

  2. Gerenciamento de Riscos em Programas de Aventura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Victor López-Richard

    2013-02-01

    Full Text Available o gerenciamento de riscos em programas de aventura será analisado de maneira sistemática neste trabalho. Os elementos que conformam os padrões de precaução em atividades comerciais de aventura serão tratados de forma crítica. V árias questões relacionadas à polêmica do credenciamento e certificação de programas comerciais de aventura serão analisadas. Os principais conceitos relativos à segurança na concepção, no planejamento, no monitoramento e na execução de programas turísticos de aventura e eventos na natureza serão abordados. Após a revisão conceitual, será exposto o resultado do estudo dos elementos de gerenciamento de riscos, introduzidos na legislação que rege a implementação da política de desenvolvimento do turismo sustentável no Município de Brotas. Risk management in adventure programs has been systematically analyzed within this work. The elements that integrate the standards of care in commercial adventure programming have been critically approached. Different questions related to the debate on accreditation and certification of adventure programs. The main concepts regarding safety during the conception, planning, monitoring, and execution of adventure tourism programs and events in the wild have been also approached. Following this conceptual revision, the result of the study of risk management topics introduced in the legislation related to the policy of sustainable tourism development in Brotas borough will be displayed.

  3. Efeito dos antimicrobianos sobre a eficácia dos contraceptivos orais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    CORRÊA Elisabete Míriam de Carvalho

    1998-01-01

    Full Text Available O uso dos antimicrobianos para a profilaxia e tratamento de infecções orais é uma prática comum em odontologia. Sendo assim, é importante que o dentista conheça os riscos potenciais de seu uso, como reações adversas e interações medicamentosas. Uma importante interação envolve o uso concomitante de antimicrobianos e contraceptivos orais, podendo resultar em perda da eficácia contraceptiva e gravidez inesperada. Este artigo faz uma revisão sobre os principais antimicrobianos e possíveis mecanismos envolvidos no processo, assim como analisa a responsabilidade do dentista e os meios de se prevenir tal complicação.

  4. Rede FIBRA-RJ: fragilidade e risco de hospitalização em idosos da cidade do Rio de Janeiro, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariangela Perez

    2013-07-01

    Full Text Available O objetivo do estudo foi determinar o perfil de risco e fatores associados à fragilidade em idosos da comunidade. A população-fonte constituiu-se de indivíduos com 65 anos ou mais, residentes nos bairros da zona norte da cidade do Rio de Janeiro, Brasil, e clientes de uma operadora de saúde. O estudo foi transversal, na linha de base de uma coorte, com amostra estratificada por sexo e idade, composta por 764 indivíduos. Para a estratificação de risco, utilizou-se o instrumento de rastreio probabilidade de internações repetidas (PIR. A análise de regressão logística foi realizada para estudar a associação entre a PIR e um conjunto de variáveis sociodemográficas, de estado de saúde, funcionais e cognitivas, após a análise bivariada. Encontraram-se 6,7% de idosos com alto risco de internação. Associaram-se ao risco de internação câncer, quedas, doença pulmonar obstrutiva crônica e medicamentos usados, bem como as seguintes condições: receber visita de profissional da saúde, ter estado acamado no domicílio, morar só e praticar as atividades de vida diária. O instrumento parece ser útil na estratificação de risco dos idosos.

  5. Internação domiciliar: risco de exposição biológica para a equipe de saúde

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosely Moralez de Figueiredo

    2012-02-01

    Full Text Available Estudo exploratório e prospectivo, de abordagem quantitativa que visou caracterizar as ações que envolviam risco biológico durante o atendimento de profissionais no Serviço de Internação Domiciliar do Hospital Municipal de São Carlos, SP. No acompanhamento das 159 visitas, realizadas no período de junho de 2008 a janeiro de 2009, foram observados 347 procedimentos sendo que, entre os com risco de exposição biológica, foram identificados curativos (31,1%, glicemia capilar (14,4% e acesso vascular (3,1%. A ocorrência de adesão à higienização prévia das mãos foi de 21,5%, 66,3% no uso de luvas e de 83,5% no descarte adequado do perfurocortante. Conclui-se que esses profissionais estão sujeitos a riscos semelhantes aos encontrados na área hospitalar, uma vez que também manipulam sangue e material perfurocortante com muita frequência e apresentam baixa adesão às precauções padrão. Estudos que avaliem a influência das características dos domicílios nesse risco devem ser estimulados.

  6. GESTÃO DA ÁGUA EM USINA DE CONCRETO: ANALISE DO RISCO DAS ATIVIDADES E MONITORAMENTO DA QUALIDADE DA ÁGUA RESIDUÁRIA PARA FINS DE REUSO (DOI.:10.5216/reec.V10i1.32759

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Heber Martins de Paula

    2015-07-01

    Full Text Available RESUMO: As usinas de concreto vêm enfrentando o desafio de aumentar a produção, reduzindo o volume de resíduos gerados. Suas principais atividades demandam de volumes consideráveis de água que, ao mesmo tempo, não devem ser descartadas no solo ou redes coletoras, pois podem gerar riscos ao meio ambiente. Assim, este artigo tem como objetivo avaliar a frequência e o risco das atividades da usina quanto ao uso da água. Além disso, monitorar a qualidade da água do sistema de tratamento quanto ao pH e a turbidez. Para tanto, foi aplicado o método de Avaliação de Risco da Atividade aliado a observações realizadas in loco para melhor representar as ações de um dia convencional de produção. O levantamento foi realizado por seis dias aleatórios por três semanas consecutivas. Para avaliação da qualidade da água residuária foram monitorados o pH e a turbidez, sempre no último dia de produção da usina, representando a pior situação. Os resultados mostraram que a lavagem dos caminhões é a atividade que apresenta maior risco ao meio ambiente, pois acontece com maior frequência dentro do espaço de produção. O sistema atual não consegue remover a turbidez para destinação da água ao reuso, mantendo o pH acima de 12. ABSTRACT: The concrete plants are facing the challenge of increasing production, reducing the volume of waste generated. Its main activities require considerable volumes of water at the same time, should not be dismissed on the ground or collecting networks, they could generate risks to the environment. Thus, this article aims to evaluate the frequency and risk of the activities of the concrete plant on the use of water. In addition, monitor the quality of water treatment system for pH and turbidity. To this end, we applied the method of the Activity Risk Assessment together with in situ observations to better represent the actions of a conventional production day. The survey was conducted by six random days

  7. A saúde e os riscos dos pescadores e catadores de caranguejo da Baía de Guanabara The health and risks of fishermen and crab catchers of Guanabara Bay

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia Ferreira Mendes Rosa

    2010-06-01

    Full Text Available O artigo discute a saúde, os riscos e o trabalho dos pescadores e catadores de caranguejo da região da APA de Guapimirim na Baía de Guanabara. Eles são típicos trabalhadores informais, sem proteção e garantias trabalhistas. Estão expostos a vários riscos no seu dia a dia, como acidentes com embarcações, com os apetrechos de pesca, com o próprio pescado, afogamentos, além de estarem expostos à grande radiação e variações climáticas. Há ainda a sobrecarga de peso e trabalho e a própria atividade noturna que potencializa mais os riscos. A partir de uma amostra de cem trabalhadores, que relataram por meio de uma pesquisa exploratória e descritiva de abordagem quanti-qualitativa, traçou-se um perfil dos mesmos. São trabalhadores que possuem baixa escolaridade, predominando o primeiro grau incompleto (63% e com 12% do total de analfabetos. Uma parcela desses trabalhadores (44% relataram possuir doenças ou agravos à saúde. Essas doenças estão relacionadas à sobrecarga de peso, à grande jornada de trabalho e todas as situações de periculosidade a que estão expostos em suas atividades. Foram identificadas grandes dificuldades desses trabalhadores em realizar o seu labor, havendo a necessidade urgente de encontrar medidas que possam melhorar suas condições de trabalho e vida.The article discusses the health, risks and the work of fishermen and crab catchers in region of APA Guapimirim in Guanabara Bay. Fishermen and crab catchers are typical informal workers, they suffer from lack of protection and working guarantee. They are exposed to working risks day by day such as accidents with fishing boat, fishing equipment, the own fish, drowning, as well as a lot of radiation and climatic variation. There are still the weight and work overload, as well as the activities done at night that increase the potential risks. A sample of 100 fishermen and crab catchers had told by quantitative-qualitative research that it was possible

  8. Um estudo comparativo sobre a identificação dos riscos ocupacionais por trabalhadores de enfermagem de duas Unidades Básicas de Saúde do município de São Paulo Un estudio comparativo sobre la identificación de los riesgos ocupacionales por trabajadores de enfermería de duas Unidades Basicas de Salud del municipio de São Paulo A comparative study about identification of occupational risks by nursing workers of two Basic Health Units of São Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rita de Cassia Gengo e Silva

    2002-03-01

    Full Text Available Os riscos ocupacionais do trabalho de enfermagem em Unidades Básicas de Saúde (UBS não têm sido frequentemente abordados, o que nos estimulou a realizar este estudo com os objetivos de comparar a percepção dos trabalhadores deenfermagem de duas UBS sobre esses riscos e estabelecer um paralelo sobre os problemas de saúde relacionados com a suaexposição. Os dados foram coletados através da entrevista e analisados segundo suas frequências relativa e absoluta ecoeficientes de risco. Os maiores coeficientes de risco estão relacionados a exposição aos riscos biológicos. Conclui-se que os trabalhadores têm dificuldade em apreender a gênese dos riscos ocupacionais.Los riesgos ocupacionales del trabajo de enfermeria en Unidades Básicas de Salud (UBS no han sido frecuentemente abordados, lo que nos estimuló en realizar este estudio con el objetivo de comparar la percepción de los trabajadores de enfermería de dos UBS sobre estos riesgos y establecer un paralelo sobre los problemas de salud relacionados con suexposición. Los datos fueron recolectados a través de una entrevista y analizados según sus frecuencias relativa, absolutay coeficientes de riesgo. Los mayores coeficientes de riesgo estan relacionados a la exposición de riesgos biológicos. Seconcluye que los trabaj adores tienen dificultades en aprender la génesis de los riesgos ocupacionales.Occupational risks of nursing work in Basic Health Units have not been study frequently, so it stimulate us to develop this paper, whose objective are: to compare the perception of nursing workers of two Basic Health Units about these risks and toestablish a parallel between the health problems with their exposition to occupational risks- Data were collected by aninterview and were analyzed according to their frequencies. Biological risks were observed more frequently. The conclusionsshow that nursing workers have difficult to understand the genesis of occupational risks.

  9. Concepções da equipe de enfermagem sobre a exposição a riscos físicos e químicos no ambiente hospitalar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ethiele Sulzbacher

    2013-02-01

    Full Text Available Este estudo teve como objetivo identificar como a equipe de enfermagem percebe os riscos físicos e químicos a que está exposta no ambiente hospitalar. Trata-se de um estudo descritivo, baseado em uma pesquisa de campo exploratória, de origem quantitativa. Os dados foram coletados mediante um questionário aplicado a 33 profissionais da equipe de enfermagem de um hospital geral da região noroeste do estado do Rio Grande do Sul, no primeiro semestre de 2011 e foram analisados por meio da estatística descritiva. Os trabalhadores perceberam os riscos físicos e químicos a que estão expostos e referiram reconhecê-los, porém, à análise das respostas, identificou-se conhecimento deficiente sobre a concepção científica do risco físico. A educação permanente em saúde pode ser uma estratégia para atualização dos trabalhadores sobre os riscos ocupacionais.

  10. Concepções da equipe de enfermagem sobre a exposição a riscos físicos e químicos no ambiente hospitalar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ethiele Sulzbacher

    Full Text Available Este estudo teve como objetivo identificar como a equipe de enfermagem percebe os riscos físicos e químicos a que está exposta no ambiente hospitalar. Trata-se de um estudo descritivo, baseado em uma pesquisa de campo exploratória, de origem quantitativa. Os dados foram coletados mediante um questionário aplicado a 33 profissionais da equipe de enfermagem de um hospital geral da região noroeste do estado do Rio Grande do Sul, no primeiro semestre de 2011 e foram analisados por meio da estatística descritiva. Os trabalhadores perceberam os riscos físicos e químicos a que estão expostos e referiram reconhecê-los, porém, à análise das respostas, identificou-se conhecimento deficiente sobre a concepção científica do risco físico. A educação permanente em saúde pode ser uma estratégia para atualização dos trabalhadores sobre os riscos ocupacionais.

  11. Uma estratégia para redução de risco cardiovascular em pacientes transplantados renais A strategy to improve the cardiovascular risk factor profile in renal transplant patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Denise Leite

    2010-06-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A doença cardiovascular representa a principal causa de morbidade, mortalidade e perda de função do enxerto em receptores de transplante renal (RTR. O tratamento agressivo dos fatores de risco é fortemente recomendado. Entretanto, há um gap entre a terapia baseada em evidência recomendada e o manejo cardiovascular eficaz nesta população. OBJETIVO: Estabelecer uma estratégia de controle de fatores de risco cardiovascular para RTR. MÉTODOS: O risco cardiovascular de 300 RTR de uma Unidade de Transplante Renal foi avaliado através dos critérios de Framingham. Intervenções nos fatores de risco modificáveis foram sugeridas aos médicos assistentes através de cartas anexadas aos prontuários dos pacientes, incluindo modificações no estilo de vida, controle de pressão arterial e uso de tratamento anti-plaquetário e hipolipemiante. Os perfis dos fatores de risco foram re-avaliados depois de 6 e 12 meses. RESULTADOS: A maioria dos pacientes apresentava alto risco cardiovascular (58%. Após 12 meses, a proporção de pacientes recebendo tratamento anti-plaquetário, anti-hipertensivo ou hipolipemiante tinha aumentado de forma significante (29 para 51%, 83 para 92% e 3 para 46%, p BACKGROUND: Cardiovascular disease represents the leading cause of morbidity, mortality and graft function loss in renal transplant recipients (RTR. Aggressive treatment of risk factors is strongly advocated. However, there is a gap between recommended evidence-based therapy and effective cardiovascular management in that population. OBJECTIVE: To establish a cardiovascular risk factor control strategy for RTR. METHODS: The cardiovascular risk of 300 RTR of a renal transplant unit was assessed using the Framingham criteria. Interventions on modifiable risk factors were suggested to attending physicians by letters attached to patients' charts, including lifestyle modifications, blood pressure control and use of antiplatelet and lipid

  12. Uma reflexão sobre os critérios de prevenção de riscos na atividade de trabalho em prensas A reflexion about risk prevention criteria in work with presses activity

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Cândida Ferreira Lima

    2009-01-01

    Full Text Available Este artigo tem por objetivo discutir a concepção de critérios de prevenção dos riscos no trabalho em prensas, especificamente no atual contexto produtivo da indústria automotiva. Foi realizada a análise ergonômica do trabalho focada em uma linha de estampagem de uma indústria de autopeças, inserida em uma rede de fornecedores de uma grande montadora, no momento da implantação dos dispositivos de proteção previstos no Programa de Proteção de Riscos em Prensas e Similares (PPRPS. Os resultados obtidos através da análise da atividade de trabalho realizada antes e após a inserção das cortinas de luz e dos novos comandos bimanuais demonstram: os limites dos critérios preventivos que norteiam o PPRPS, circunscritos às interfaces homem-máquina; a centralidade dos condicionantes organizacionais expressos nas exigências de produtividade e qualidade nas possibilidades de gestão dos riscos pelos trabalhadores e o caráter não integrado da prevenção dos acidentes típicos e dos distúrbios musculoesqueléticos.This article is aimed at the concept of risk prevention criteria when working with presses, specifically in the current production context of the automotive industry. An ergonomics work analysis of an auto parts manufacturer's stamping production line operating in a network of suppliers for a large assembly plant was implemented, at the moment proposed protective devices were introduced by the Risk Prevention in Presses and Similar Equipments Program (RPPSEP. The results obtained from the analysis of the activity of work carried out before and after the introduction of light curtains and new bimanual controls demonstrate: the limits of the preventative criteria that guide RPPSEP, circumscribed by the man-machine interfaces; the organizational constraints of the importance of productivity and quality requirements in worker risk management possibilities, and the non-integrated prevention character of typical accidents and

  13. Computational modeling for irrigated agriculture planning. Part II: risk analysis Modelagem computacional para planejamento em agricultura irrigada: Parte II - Análise de risco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João C. F. Borges Júnior

    2008-09-01

    -se, também, que o empreendimento estará frente a expressivo risco de escassez de água no mês de abril, o que não ocorre para o padrão de cultivo obtido com a minimização do requerimento de irrigação nos meses de abril dos quatro anos. A análise de cenário indicou que o preço de venda para a cultura do maracujá exerce expressiva influência sobre o desempenho financeiro do empreendimento. Na avaliação comparativa, verificou-se equivalência dos programas P-RISCO e @RISK na condução da simulação de risco para o cenário considerado.

  14. REPRESENTAÇÕES, RISCOS E POTENCIALIDADES DE RIOS URBANOS: ANÁLISE DE UM (DESCASO HISTÓRICO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lutiane Queiroz de Almeida

    2010-08-01

    Full Text Available Entre os diversos tipos de ambientes e paisagens terrestres, os rios urbanos são de longe os mais utilizados, ocupados, modificados, degradados e subjugados. No contexto das cidades, hoje o principal habitat humano, os rios possuem variadas formas de representação e potencialidades, mas também de ameaças, vulnerabilidades e riscos para os habitantes de suas áreas de influência. O principal objetivo deste artigo é discutir os aspectos geográficos e históricos que explicam os riscos e ameaças ligadas à ocupação e o uso dos rios urbanos, bem como de suas potencialidades. Esses ambientes, normalmente, são negados pela cidade já que se tornaram áreas desvalorizadas pela mesma sociedade que os degradaram, os confinaram em canais de concreto, ou simplesmente os ocultaram da paisagem, tornando-os subterrâneos e simples elementos do sistema de drenagem urbana. Quanto aos métodos utilizados no artigo, têm-se como principais referências a análise sistêmica e a abordagem dialética. Como principais arcabouços teóricos dos estudos sobre rios urbanos, têm-se os trabalhos de Saraiva (1999, Petts et al. (2002, Costa (2006, Cunha (2003, Bethemont (1993, Mann (1973.

  15. Agregação de fatores de risco metabólicos, atividade física e comportamentos de risco à saúde em adolescentes: revisão da literatura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Michael Pereira da Silva

    2014-12-01

    Full Text Available Objetivo: apresentar dados sobre a associação da atividade física, sedentarismo, alimentação inadequada, consumo de cigarro e bebidas alcoólicas com a agregação de fatores de risco metabólicos em adolescentes. Método: estudo de revisão utilizando critérios de diagnóstico de Sindrome Metabólica em crianças e adolescentes. Resultados e considerações finais: comportamentos como a atividade física, comportamento sedentário e hábitos alimentares possuem sua associação melhor elucidada na literatura, quando comparados aos hábitos de fumo e consumo de álcool, os quais necessitam de maiores investigações nesta população. Contudo, evidências demonstram que todos os hábitos abordados neste trabalho possuem alguma relação com a agregação de fatores de risco metabólicos na idade adulta, e sua prevenção na adolescência parece favorecer o não aparecimento dos mesmos no futuro.

  16. Riscos e complicações do uso de piercing oral: uma revisão sistemática

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Wittor de Macêdo Santos

    2017-02-01

    Full Text Available Introdução: O uso de piercing oral tem despertado o interesse dos profissionais da Odontologia devido à associação com diversas complicações locais e sistêmicas. Objetivo: Este trabalho objetivou realizar uma revisão sistemática da literatura sobre riscos e complicações associadas ao uso de piercings orais e periorais. Métodos: Foi realizada uma pesquisa nas bases de dados MEDLINE, Google acadêmico e LILACS utilizando-se os seguintes critérios: artigos publicados na íntegra, no período de 2000 a 2016, em inglês, português e espanhol, case report, classical articles e reviews sobre o tema utilizando os seguintes descritores: body piercing, risks management, complications, risk e seus mesh terms. Resultados: Foram incluídos um total de 39 artigos relevantes que cumpriam com todos os critérios. Foi observado que os locais mais frequentemente utilizados para a colocação de piercing oral são os lábios e a língua. As complicações incluem inflamação, infecções locais e sistêmicas, lesões mucocutâneas, lesões vasculares, trauma dental, problemas periodontais, reações de hipersensibilidade, disfonia, deglutição e aspiração do piercing, e até morte etc. Conclusão: Conclui-se que o cirurgião dentista deve exercer um papel importante na orientação da população em geral sobre os riscos e as complicações associadas ao uso de piercing oral, visando evitar tal prática ou minimizar ao máximo os riscos e as complicações naqueles indivíduos que os possuem.

  17. Avaliação do risco de quedas em idosos atendidos em Unidade Básica de Saúde

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tatyana Ataíde Melo de Pinho

    2012-04-01

    Full Text Available A população mundial vem envelhecendo de forma abrupta, o que representa um grande desafio para os órgãos competentes que, por sua vez, necessitam de novas políticas públicas de saúde, inclusive na prevenção de quedas. Este estudo objetivou avaliar o risco de quedas em idosos. Trata-se de um estudo epidemiológico de corte transversal com abordagem quantitativa, realizado em uma unidade de saúde da família. A amostra foi composta por 150 idosos avaliados de janeiro a abril de 2009. Para a coleta de dados, utilizou-se o Fall Risk Score, que foi analisado através do SPSS 17.0. Dos idosos avaliados 58,8% não sofreram quedas, sendo que, dos idosos que caíram (63 idosos, 71,4% sofreram de 1 a 2 quedas, citando como principal causa intrínseca a tontura/vertigem, enquanto que a extrínseca foi pisos escorregadios ou molhados. Conclui-se, portanto, que é de grande relevância avaliar o risco de quedas em idosos, para que se medidas preventivas sejam tomadas, com o objetivo de maximizar a qualidade de vida.

  18. Prevalência de fatores de risco em pacientes com infarto agudo do miocárdio

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Simone Mathioni Mertins

    2016-01-01

    Full Text Available Objetivo: Identificar a prevalência de fatores de risco em pacientes com infarto agudo do miocárdio, internados em uma Unidade de Terapia Intensiva Coronariana de um hospital da região noroeste do estado do Rio Grande do Sul ̸ Brasil. Metodologia: Estudo quantitativo, descritivo e transversal, realizado no período compreendido entre 25 de abril a 25 de junho de 2012, com 48 pacientes. As variáveis de interesse para este estudo foram as condições sociodemográficas, dados antropométricos, hábitos alimentares e fatores de risco cardiovascular. Resultados: A idade média foi de 59,9 ± 11,55 anos, com predominância do sexo masculino (81,3%, de cor branca (83,3%, casados (70,8%, ensino fundamental incompleto (72,9%, aposentados (37,5%, renda menor que três salários mínimos (58,3% e procedentes da região urbana (72,9%. A prevalência dos fatores de risco se distribuiu da seguinte forma: sedentarismo (91,7%, hipertensão arterial sistêmica (63,8%, estresse (50%, circunferência abdominal alterada (50%, história familiar (43,7%, tabagismo (41,7%, sobrepeso (35,5%, obesidade (33,4%, dislipidemia (23%, diabetes mellitus (20,8% e consumo de álcool (12,5%. Conclusão: Os dados apresentados mostram a elevada prevalência de fatores de risco em pacientes que tiveram infarto agudo do miocárdio e nos direcionam a entender o papel da educação em saúde como estratégia para reduzir as causas de morbimortalidade, além de propor ações de cuidado e autocuidado e mudanças nos hábitos de vida.  Descritores: Fatores de Risco; Infarto do Miocárdio; Educação em Saúde (Fontes: DeCS e BIREME.

  19. Cardiovascular risk assessment in hypertensive patients Evaluación del riesgo cardiovascular en hipertensos Avaliação do risco cardiovascular em hipertensos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elaine Amaral de Paula

    2013-06-01

    ó diferencia significativa entre la clasificación del riesgo cardiovascular, cuya correlación muestra discreta concordancia entre las dos escalas. Los elementos relacionados al estilo de vida parecen ser determinantes en el aumento del riesgo cardiovascular. OBJETIVO: avaliar o risco cardiovascular, utilizando o escore de Framingham tradicional e o modificado pela incorporação de fatores de risco emergentes, como história familiar de infarto agudo do miocárdio, síndrome metabólica e doença renal crônica. MÉTODO: participaram 50 hipertensos que faziam tratamento ambulatorial. Os dados clínicos foram obtidos por meio de entrevista semiestruturada e os laboratoriais, coletados em prontuários. RESULTADOS: verificou-se que o escore de Framingham tradicional foi predominantemente baixo (74%, 14% apresentou médio risco e 12% alto risco. Após a inclusão de fatores de risco emergentes, a chance de ocorrer um evento coronariano foi baixa em 22% dos casos, média em 56% e alta em 22% dos casos. CONCLUSÕES: a comparação entre o escore de risco de Framingham tradicional e o modificado demonstrou diferença significativa entre a classificação do risco cardiovascular, cuja correlação mostra discreta concordância entre as duas escalas. Os elementos relacionados ao estilo de vida parecem ser determinantes do aumento de risco cardiovascular.

  20. Modelo de Cinco Fatores de Risco: precificando carteiras setoriais no mercado acionário brasileiro = Five risk factors model: pricing sectoral portfolios in the Brazilian stock market

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Matheus Duarte Valente Vieira

    2017-08-01

    Full Text Available O prêmio de risco dos ativos é a variável central dos modelos de finanças que buscam estimar o custo do capital das empresas, custo esse empregado, por exemplo, na avaliação do preço das ações. São diversos os modelos empregados para o cálculo do prêmio de risco. Os modelos de Fama e French são amplamente conhecidos e difundidos. Em 2015, Fama e French apresentaram um novo modelo com a introdução de dois novos prêmios de risco. Devido à relevância do tema e à possibilidade de conseguir novas informações a partir desse novo modelo, o objetivo do trabalho é realizar um estudo no mercado de ações brasileiro a partir de uma amostra composta por empresas listadas na Bolsa de Valores de São Paulo (BMF&Bovespa, testando a capacidade de precificação setorial dos fatores de risco presentes no recente modelo de 5-fatores, proposto por Fama e French (2015a. Para a realização da pesquisa foram utilizadas as empresas listadas na Bovespa entre o período de janeiro de 2008 e dezembro de 2015. Os resultados apontam para uma importância maior do prêmio de risco atrelado aos investimentos, estatisticamente significativo em três dos cinco setores da economia estudados. The assets risk premium is the central variable of the finance models that seek to estimate the cost of capital of the companies, the cost of this employee, for example, in the evaluation of the stock price. There are several models used to calculate the risk premium, with Fama and French models being widely known and widely disseminated. In 2015, Fama and French introduced a new model with the introduction of two new risk premiums. Due to the relevance of the theme and the possibility of obtaining new information from this new model, the objective of this paper is to conduct a study in the Brazilian stock market from a sample composed of companies listed on the São Paulo Stock Exchange (BMF&Bovespa, testing the ability of sectoral pricing in the risk factors

  1. Risco de queda em idosos institucionalizados com doença de Alzheimer

    OpenAIRE

    Ferreira, Lucas Lima; Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP) campus de Presidente Prudente (SP).; Sanches, Giliadi Gadiel Américo; Centro Universitário de São José do Rio Preto (UNIRP).; Marcondes, Laís Passos; Centro Universitário de São José do Rio Preto (UNIRP).; Saad, Paulo César Balade; Centro Universitário de São José do Rio Preto (UNIRP).

    2014-01-01

    Introdução: Idosos com doença de Alzheimer (DA) apresentam diferenças no equilíbrio e marcha, de acordo com o estágio da patologia, que pode predispô-los a quedas. Objetivo: Avaliar o impacto da DA no risco de queda em idosos residentes em uma instituição de longa permanência. Métodos: Foram avaliados 20 idosos de ambos os sexos, sendo traçado o perfil sociodemográfico e avaliada a marcha e equilíbrio, por meio da escala de Tinetti. Resultados: Verificou-se que a maioria dos idosos (75%) era ...

  2. Lógica nebulosa para avaliar riscos na auditoria Fuzzy logic for risk assessment in auditing

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jerônimo Antunes

    2006-08-01

    Full Text Available A avaliação dos riscos de que os controles internos de uma entidade possam falhar constitui-se em significativo desafio para os auditores independentes de demonstrações contábeis. As metodologias de trabalho empregadas para tal finalidade, normalmente, utilizam a lógica clássica, ou também denominada binária, presumindo que os fatores de riscos estão presentes, ou não, em um determinado tipo de processo de controle. O objetivo deste trabalho foi conceber um modelo de avaliação de risco dos controles internos de uma entidade utilizando a lógica nebulosa (fuzzy logic, para contemplar os elementos difusos que compõem os fatores desse tipo de risco analisados na auditoria de demonstrações contábeis. A validação conceitual do modelo concebido foi realizada por meio de entrevistas e debates com especialistas em auditoria de demonstrações contábeis e com consultas a bibliografias relevantes pertinentes. Como conclusão do estudo, ficou patente que o modelo de avaliação de risco, com o uso da lógica nebulosa, elimina a restrição binária da lógica clássica e permite tratar, de forma quantitativa, conceitos ambíguos através da aplicação de uma escala psicométrica, para refl etir predicados tais como: "muito bom", "bom", "razoável", "de grande importância", "de pouca importância" etc., tendo potencial para produzir resultados mais amplos e próximos da realidade.The assessment of the risks that an entity's internal control system may fail represents a significant challenge to independent auditors. The methodologies used to audit financial statements are usually supported by classical logic, also called binary logic, departing from the relatively simplistic premise that risk factors are either present or not in a certain kind of control process. This study aimed to conceive a risk assessment model for an entity's internal control system, using the fuzzy logic approach, to take into account the diffuse elements that

  3. Repercussões da ambiência hospitalar na perspectiva dos trabalhadores de limpeza

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elen Petean

    Full Text Available Objetivou-se compreender o trabalho de limpeza hospitalar da perspectiva dos trabalhadores e descrever, na visão deles, as repercussões da ambiência hospitalar sobre o seu cotidiano de vida e trabalho. É um estudo de caso de abordagem qualitativa, empregando a hermenêutica como apoio teórico-metodológico. Os dados foram colhidos por meio da observação não participante e de entrevista com cinco trabalhadoras da limpeza de um hospital universitário. A análise foi por meio de leituras, buscando-se as unidades de significados contidas na transcrição dos dados empíricos, que permitiu o desmembramento em duas categorias: o cotidiano do trabalho de limpeza hospitalar e os reflexos da terceirização na vida do trabalhador da limpeza hospitalar. No hospital estudado, predominou o trabalho feminino e a constante preocupação com os riscos à saúde, principalmente os riscos biológicos. A terceirização reflete-se diretamente sobre o trabalhador, causando-lhe a sensação de um menor valor social e humano. Aponta-se a necessidade dos hospitais oferecerem um ambiente mais acolhedor ao trabalhador terceirizado da limpeza, tão exigidos física e mentalmente.

  4. Risco de suicídio e comportamentos de risco à saúde em jovens de 18 a 24 anos: um estudo descritivo Suicide risk and health risk behavior among youth between the ages of 18 and 24 years: a descriptive study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Liliane da Costa Ores

    2012-02-01

    Full Text Available O objetivo foi avaliar risco de suicídio e comportamentos de risco em jovens. Estudo transversal na zona urbana de Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil, realizado por amostragem sistemática. Foram incluídos jovens de 18 a 24 anos, com capacidade cognitiva e que assinaram termo de consentimento. Foram aferidos risco de suicídio (MINI; comportamentos de risco (YRBSS; abuso/dependência de substâncias (ASSIST; e nível socioeconômico (ABEP. Os dados foram analisados no programa SPSS. A amostra constituiu-se de 1560 jovens e a prevalência de risco de suicídio foi de 8,6%. O risco de suicídio foi associado com: ter sofrido acidente com necessidade de ir ao pronto-socorro (p = 0,011, ter entrado em briga com agressão física (p = 0,016, ter carregado arma branca (p = 0,001 e arma de fogo (p The aim of this study was to assess suicide risk and risk behavior in young people. A cross-sectional study in the urban area of Pelotas, Rio Grande do Sul State, Brazil was performed using systematic sampling with young people between the ages of 18 to 24 years. We measured the risk of suicide (MINI, behavior (YRBSS, abuse/substance dependence (ASSIST and socioeconomic status (ABEP. Data was analyzed using SPSS software. The sample consisted of 1,560 young people and the prevalence of suicide risk was 8.6%. Suicide risk was associated with: having suffered an accident that required a visit to the emergency room (p = 0.011, fighting (p = 0.016, carrying a weapon (p = 0.001 and carrying a firearm (p < 0.001, substance abuse/dependence (p < 0.001, not having used a condom during the last sexual relationship (p = 0.025, not having a steady partner (p < 0.001 and having sex with five or more people (p = 0.018. Young people that present risk behavior also represent a suicide risk.

  5. Risco e vulnerabilidade nas práticas dos profissionais de saúde Riesgo y vulnerabilidad en las prácticas laborales de los profesionales del área de la salud Risk and vulnerability in the practice of professional healthcare

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Luís Guedes dos Santos

    2012-06-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi analisar a produção científica da área da saúde e enfermagem acerca dos fatores de risco e da vulnerabilidade nas práticas dos profissionais de saúde, por meio de uma revisão integrativa. Os artigos foram pesquisados nas bases de dados LILACS e SCIELO, entre 2005 e 2010, a partir dos descritores vulnerabilidade, risco, riscos ocupacionais e pessoal de saúde, constituindo uma amostra de 21 publicações. Na atenção primária à saúde, os riscos e as vulnerabilidades relacionam-se à deficiência de recursos para o trabalho, à violência física e ao desgaste emocional. No contexto hospitalar, destacaram-se os acidentes com material biológico relacionados ao uso inadequado e não adesão a medidas de proteção, a sobrecarga de trabalho e a autoconfiança. Ressalta-se a importância da elaboração de políticas públicas em saúde do trabalhador, visando à melhoria das condições de trabalho e maior satisfação profissional.Este estudio tuvo como objetivo analizar los riesgos y vulnerabilidades presentes en las prácticas de los profesionales de la salud, a través de una revisión integradora de la producción científica en salud y enfermería. Los artículos fueron consultados en la bases LILACS y SciELO, de 2005 a 2010, según los descriptores: vulnerabilidad, riesgo, riesgos laborales y personal de salud, que abarca una muestra de 21 publicaciones. En la atención primaria, los riesgos y las vulnerabilidades están relacionados con la deficiencia de recursos para el trabajo, la violencia física y el estrés emocional. En el ámbito hospitalario se pueden destacar: los accidentes con material biológico relacionado con el uso indebido y el incumplimiento de las medidas de protección, sobrecarga de trabajo y confianza en uno mismo. Hacemos hincapié en la importancia de desarrollar políticas públicas dirigidas a mejorar las condiciones laborales del trabajador y una mayor satisfacción y

  6. Estresse e risco cardiovascular: intervenção multiprofissional de educação em saúde

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cármen Marilei Gomes

    2016-04-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo: identificar o risco cardiovascular e o estresse em educadores (gestores e professores do sul do Brasil, avaliados antes e depois de intervenção com atividades de gerenciamento do estresse e educação em saúde. Método: estudo longitudinal do tipo antes e depois. A amostra foi constituída por 49 participantes. Foram obtidas variáveis sociodemográficas, antecedentes de morbidade e hábitos da vida diária. Os dados de risco para doença cardiovascular foram pressão arterial, índice de massa corporal, relação cintura-quadril, perfil lipídico e glicemia capilar. O estresse foi avaliado pelo Inventário de Sintomas de Stress para Adultos de Lipp (ISSL. O gerenciamento ocorreu durante quatro meses, em encontros semanais com equipe multidisciplinar. Resultados: após as intervenções, observou-se redução estatisticamente significativa das variáveis investigadas, salvo glicemia no grupo gestores. Conclusão: atividades de gerenciamento são potenciais ferramentas na identificação e controle dos fatores de risco estudados, em especial aquelas de foco multi e transdisciplinar.

  7. Através dos espelhos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jean D. Soares

    2017-12-01

    Full Text Available Ao refletir sobre a experiência através de espelhos, esse texto pensa a relação entre sujeito e imagem a partir dos conceitos de utopia e de heterotopia. Ao longo dos parágrafos, ele parte de exemplos cotidianos para se confrontar com os casos em que os direitos da imagem encontram situações limite, nomeadamente a partir de algumas reflexões de Michel Focault. Levantam-se aqui ao menos duas hipóteses importantes: a de que uma imagem utópica da existência traz perigos que não se podem menosprezar, e uma segunda sobre a possibilidade de uma alternativa capaz de rearranjar esses riscos em torno da experiência estética. Pretende-se com isso fomentar o debate ligado à discussão sobre nossa capacidade de dar conta das imagens que transmitimos para nós mesmos.

  8. Validação prospectiva do escore de risco dante pazzanese em síndrome coronariana aguda sem supradesnivelamento do segmento ST

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elizabete Silva dos Santos

    2013-09-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Em Síndrome Coronariana Aguda (SCA sem Supradesnivelamento do segmento ST (SST é importante estimar a probabilidade de eventos adversos. Para esse fim, as diretrizes recomendam modelos de estratificação de risco. O escore de risco Dante Pazzanese (escore DANTE é um modelo simples de estratificação de risco, composto das variáveis: aumento da idade (0 a 9 pontos; antecedente de diabete melito (2 pontos ou acidente vascular encefálico (4 pontos; não uso de inibidor da enzima conversora da angiotensina (1 ponto; elevação da creatinina (0 a 10 pontos; combinação de elevação da troponina e depressão do segmento ST (0 a 4 pontos. OBJETIVO: Validar o escore DANTE em pacientes com SCA sem SST. MÉTODOS: Estudo prospectivo, observacional, com inclusão de 457 pacientes, de setembro de 2009 a outubro de 2010. Os pacientes foram agrupados em: muito baixo, baixo, intermediário e alto risco de acordo com a pontuação do modelo original. A habilidade preditiva do escore foi avaliada pela estatística-C. RESULTADOS: Foram 291 (63,7% homens e a média da idade 62,1 anos (11,04. Dezessete pacientes (3,7% apresentaram o evento de morte ou (reinfarto em 30 dias. Ocorreu aumento progressivo na proporção do evento, com aumento da pontuação: muito baixo risco = 0,0%; baixo risco = 3,9%; risco intermediário = 10,9%; alto risco = 60,0%; p < 0,0001. A estatística-C foi de 0,87 (IC 95% 0,81-0,94; p < 0,0001. CONCLUSÃO: O escore DANTE apresentou excelente habilidade preditiva para ocorrência dos eventos específicos e pode ser incorporado na avaliação prognóstica de pacientes com SCA sem SST.

  9. Riscos de cont?gio em tuberculose entre funcion?rios em um hospital universit?rio no munic?pio de Niter?i - Rio de Janeiro

    OpenAIRE

    Couto, Ingrid Ramos Reis

    2012-01-01

    Problema: O aparecimento de casos de adoecimentos por tuberculose entre os funcion?rios do HUAP. Objetivos: Analisar os fatores de risco para tuberculose e o perfil epidemiol?gico dos funcion?rios do HUAP/UFF com resultado da prova tubercul?nica ? 10 mm no per?odo de 2007 a junho de 2011; - Investigar os casos de adoecimento por tuberculose em funcion?rios do HUAP/UFF no per?odo de janeiro de 2004 a julho de 2011; - Identificar a poss?vel associa??o entre o perfil epidemiol?gico dos funcion?r...

  10. Fatores de risco sociais, familiares e comportamentais para obesidade em adolescentes Social, familial, and behavioral risk factors for obesity in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Monteiro

    2004-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar fatores de risco sociais, familiares, comportamentais e psicológicos para obesidade na adolescência. MÉTODO: Estudo de casos e controles aninhado a uma coorte de base populacional seguida desde o nascimento, em 1982. Os casos incluíram os adolescentes obesos conforme a definição da Organização Mundial da Saúde. Os controles foram constituídos por uma amostra aleatória da coorte, examinada em 1997 e 1998. Informações sobre fatores de risco foram obtidas dos arquivos da coorte, coletadas em diversas idades. A análise multivariada foi realizada por regressão logística. RESULTADOS: Os fatores de risco variaram conforme o sexo. Em meninos, a renda familiar maior que 1 salário-mínimo ao nascer aumentou o risco de obesidade em 6 vezes; o traço de ansiedade aumentou esse risco em 4 vezes. O risco aumentou em 10% para cada aumento unitário do índice de massa corporal materno pré-gestacional, em ambos os sexos. O peso materno atual, o fumo, a ingestão de gorduras, e o tempo despendido assistindo à televisão e em atividades físicas não se associaram com obesidade. CONCLUSÕES: Os resultados indicam que é importante estratificar por sexo os dados de estudos sobre obesidade. Além disso, os fatores relativos a fases precoces da vida mostraram-se mais fortemente associados com obesidade em adolescentes do que os fatores medidos durante a adolescência. Entretanto, não se pode excluir a possibilidade de viés, por exemplo, em termos da informação fornecida pelos adolescentes acerca de dieta e exercício físico. Sempre que possível, o estudo dos fatores de risco contemporâneos para obesidade em adolescentes deve considerar o papel de fatores precoces na vida como prováveis fontes de confusão.OBJECTIVE: To examine the impact of different social, familial, and behavioral factors on the risk of developing obesity in adolescents. METHODS: We performed a case-control study nested in a population-based cohort

  11. Aplicação do gerenciamento de riscos no processo de desenvolvimento de produtos nas empresas de autopeças Application of risk management in the product development process of auto parts companies

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Eduardo Sanches da Silva

    2010-01-01

    Full Text Available Esta pesquisa analisa a incorporação do gerenciamento de riscos no processo de desenvolvimento de produtos (PDP nas empresas de autopeças, fundamentado no Advanced Product Quality Planning (APQP, enfatiza as entregas do projeto de desenvolvimento preconizadas pelo Production Parts Approval Process (PAPP e realiza uma revisão bibliográfica estabelecendo os fundamentos teóricos para seu desenvolvimento. O método de pesquisa utilizado foi a pesquisa-ação, cujos dados foram coletados por meio de análise documental, entrevistas e observações dos pesquisadores. A incorporação do gerenciamento de riscos no PDP contribui para o processo decisório, principalmente nas etapas de análise de riscos qualitativos e de planejamento de respostas aos riscos, fornecendo maior precisão quanto aos prazos e à identificação das atividades críticas. Os fatores que se destacaram para se obter a precisão dos resultados são: a formação da equipe; a discussão coletiva dos prazos fornecidos, tendo como resultado o comprometimento; o papel do gerente do projeto, propiciando o feedback entre os participantes, e a existência de evidências objetivas do apoio da alta administração. Conclui-se que a formação da equipe influencia no gerenciamento de riscos, sendo preponderante na percepção dos riscos a formação educacional.This research analyzes the incorporation of risk management in the product development process (PDP in auto parts companies, based on Advanced Product and Quality Planning (APQP, and emphasizes the delivery of project development proposed by the Production Part Approval Process (PPAP and conducts a review of the literature, establishing the theoretical foundations for its development. The research method used was action research, where data were collected through documentary analysis, interviews and researchers' observations. The incorporation of risk management contributes to the PDP-making processes, especially in the stages

  12. Modelos para gestão de riscos em cadeias de suprimentos: revisão, análise e diretrizes para futuras pesquisas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Robson Nogueira Tomas

    2013-01-01

    Full Text Available O objetivo deste artigo é apresentar uma revisão bibliográfica, que possa ser considerada completa e inédita na literatura científica nacional, tendo como foco modelos para gestão de riscos em cadeias de suprimentos. Para tanto, foram revisados 103 artigos científicos publicados entre 2000 e 2012. Inicialmente, buscou-se categorizar os tipos de riscos abordados nos artigos científicos segundo a descrição proposta por Christopher e Peck (2004, a saber: internos à empresa focal (operações, processo e controle; externos para a empresa focal, mas internos para a cadeia (fornecimento e demanda; e externos à cadeia (macroambiente. Buscou-se, também, identificar as etapas elementares na composição de um modelo para gestão de riscos em cadeias de suprimentos. Uma vez categorizados os tipos de riscos e identificadas as quatro etapas elementares, efetuou-se uma análise a partir de três perspectivas: i as opções de modelos disponíveis na literatura para a prática de tal gestão, considerando-se os tipos de riscos e etapas que os compõem; ii um modelo final a ser proposto; e iii elementos que podem ser acrescentados ao modelo final. As principais contribuições deste trabalho dizem respeito a possibilitar melhor entendimento dos tipos de riscos que podem incidir sobre uma cadeia de suprimentos, discutir os modelos mais adequados para geri-los, além de oferecer diretrizes para futuras pesquisas na temática em questão.

  13. INCERTEZAS ESTRATÉGICAS E RISCOS NO SISTEMA DE CONTROLE GERENCIAL DAS COOPERATIVAS DE CRÉDITO

    OpenAIRE

    Camila Freitas Sant´Ana; Daniel Fernando Padilha; Carlos Eduardo Facin Lavarda

    2015-01-01

    O presente estudo teve como objetivo verificar as incertezas estratégicas e os riscos que podem afetar o sistema de controle gerencial nas cooperativas de crédito. Para tal, realizou-se uma pesquisa descritiva, por meio de um estudo de levantamento e quantitativo, aplicou-se um questionário para a obtenção dos dados em uma amostra de 44 cooperativas de crédito do Brasil, que se caracterizam 95% em cooperativas singulares com 70% classificadas como de crédito mútuo. Os resultado...

  14. COMPORTAMENTO DOS PREÇOS NOS MERCADOS BRASILEIROS DE SUINOS, MILHO E SOJA

    OpenAIRE

    Rosado, Patricia Lopes; Gomes, Marilia Fernandes Maciel; Figueiredo, Adelson Martins

    2006-01-01

    O comportamento das séries históricas de preços de suínos e dos principais insumos usados no seu processo produtivo como, milho e soja, pode apresentar oscilações que o produtor, geralmente, não consegue prever, o que contribui para elevar o risco da atividade. Destarte, como forma de fornecer subsídios teóricos e empíricos aos agentes econômicos envolvidos em operações com suínos, milho e soja, buscou-se, neste trabalho, detectar a existência dos componentes estocásticos e, ou, determinístic...

  15. Intervenções para prevenir riscos psicossociais do trabalho de profissinais da saúde no Brasil e no Peru : revisão sistemática com base no scoping study

    OpenAIRE

    Luis Fidel Abregú Tueros

    2016-01-01

    O fator emergente transformado num problema global é o risco psicossocial do trabalho (RPT), por ter impacto maior nos profissionais da saúde, que por sua natureza, seriam mais vulneráveis, afetando quanto na saúde tanto em desempenho trabalhista. Sua importância, deve-se ao fato de serem menos tangíveis, de fato mais difícil de gerir e prevenir mediante abordagem proativa direcionadas ao origem, junto à sensibilização até políticas da gestão dos riscos. A pesquisa teve como objetivo comparar...

  16. Jornalismo científico e risco epidemiológico Scientific journalism and epidemiological risk

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Olinda do Carmo Luiz

    2007-06-01

    Full Text Available A importância dos meios de comunicação na construção simbólica tem sido reconhecida por diversos segmentos. Dentre as inúmeras matérias nos jornais diários sobre saúde, muitas se referem a estudos médicos cujas fontes são publicações científicas tendo como foco um novo risco. A divulgação nos meios de comunicação de massa sobre os estudos de risco também é tema de editoriais e artigos em revistas científicas, enfocando o problema das distorções e a elaboração de notícias contraditórias. O presente artigo tem como objetivo explorar os significados e conteúdos da divulgação científica dos estudos sobre risco nos jornais diários de grande circulação. Foram analisadas as notícias e as respectivas publicações científicas que serviram de fonte durante o ano de 2000. Observou-se que "risco" é apresentado nas pesquisas científicas como uma "caixa preta" na acepção de Latour e que as notícias ocultam as controvérsias científicas e atribuem uma dimensão maior à associação entre hábitos comportamentais e a ocorrência das doenças, ressaltando ainda mais os aspectos individuais da abordagem epidemiológica em detrimento do enfoque coletivo.The importance of the communications media in the construction of symbols has been widely acknowledged. Many of the articles on health published in the daily newspapers mention medical studies, sourced from scientific publications focusing on new risks. The disclosure of risk studies in the mass media is also a topic for editorials and articles in scientific journals, focusing the problem of distortions and the appearance of contradictory news items. The purpose of this paper is to explore the meaning and content of disclosing scientific risk studies in large-circulation daily newspapers, analyzing news items published in Brazil and the scientific publications used as their sources during 2000. The "risk" is presented in the scientific research projects as a "black box

  17. Ciência, técnica e cultura: relações entre risco e práticas de saúde Science, technique, and culture: relations between risk and health practices

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dina Czeresnia

    2004-04-01

    Full Text Available Este artigo tem como objetivo discutir conseqüências culturais dos discursos e práticas voltados à capacitação dos sujeitos para a escolha racional e informada de riscos, calculados com base no conhecimento científico. O conceito de risco epidemiológico é um dos elementos centrais deste processo, especialmente no contexto das práticas de saúde. Inicialmente é apresentada uma breve caracterização do conceito de risco epidemiológico, ressaltando que, como modelo abstrato, reduz a complexidade dos fenômenos que estuda. A apreensão da realidade mediante essa abstração gera valores e significados. A reflexão de Canguilhem sobre as relações entre ciência, técnica e vida é retomada com a perspectiva de aprofundar a compreensão das conseqüências culturais produzidas, que contribuem para a transformação das concepções clássicas de individualidade, autonomia e sociabilidade. Temas vitais cruciais, como individualidade, alteridade, relação com a morte, estão presentes (ocultos nas questões que envolvem a nuclearidade do risco no mundo atual.This article discusses the cultural consequences of discourses and practices aimed at training subjects for a rational, informed choice in relation to risks, calculated on the basis of scientific knowledge. The epidemiological risk concept is a central element in this process, especially in the context of health practices. The article begins by briefly characterizing the epidemiological risk concept, emphasizing that as an abstract model, it reduces the complexity of the phenomena it studies. Grasping reality through this abstraction generates values and meanings. Canguilhem's reflection on the relations between science, technique, and life is further discussed from the perspective of deepening an understanding of the cultural consequences of this process, contributing to the transformation of classical concepts of individuality, autonomy, and sociability. Such vital themes as

  18. NANOTECNOLOGIA À LUZ DA ÉTICA E DOS DIREITOS HUMANOS / NANOTECHNOLOGY UNDER THE ETHICS AND THE HUMAN RIGHTS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Queila Rocha Carmona dos Santos

    2014-11-01

    Full Text Available O tema desta pesquisa é a nanotecnologia, delimitando-se o estudo nas possíveis consequências do seu desenvolvimento sem limites à luz dos direitos humanos. Objetiva-se destacar os riscos (nanotecnológicos a partir do ponto de vista da proteção dos direitos humanos e de uma possível nova era de direitos baseada na ética como valor para concretizar a dignidade da pessoa humana. Optou-se pela pesquisa bibliográfica e documental, com o método dedutivo, via de regra, e indutivo em algumas reflexões. A necessidade de proteção da dignidade da pessoa humana ressurge na pós-modernidade, sob nova roupagem, em razão dos riscos que se vinculam às novas tecnologias. Por conseguinte, o valor da ética, somado aos princípios de direitos humanos fundamentais, apresenta-se como uma alternativa viável para enfrentar os desafios propostos pela nanotecnologia, pois desse valor decorrem outros e, também, princípios com potencial de conduzir o desenvolvimento a um patamar de segurança e sustentabilidade. Palavras-chave: Nanotecnologia. Direito Internacional dos Direitos Humanos. Dignidade da Pessoa Humana. Ética.

  19. Comportamentos de risco para os transtornos alimentares e traços perfeccionistas em atletas de atletismo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo de Sousa Fortes

    Full Text Available Resumo O objetivo do estudo foi analisar a influência do perfeccionismo nos comportamentos de risco para os transtornos alimentares de atletas adolescentes do sexo feminino da modalidade atletismo. Fizeram parte do estudo 52 atletas da modalidade de atletismo de clubes da cidade de São Paulo/SP com idade entre 12 e 17 anos. Utilizaram-se as subescalas do Eating Attitudes Test (EAT-26 e a Multidimensional Perfectionism Scale (MPS para avaliar os comportamentos de risco para os transtornos alimentares e os traços perfeccionistas, respectivamente. Conduziu-se a regressão linear múltipla stepwise para analisar a influência dos perfeccionismo nos comportamentos de risco para os transtornos alimentares. Os resultados indicaram influência da MPS nos escores das subescalas Dieta (F(1, 44 = 5,74; p = 0,05 e Autocontrole Oral (F(1, 44 = 6,13; p = 0,04 do EAT-26. No entanto, não foi evidenciado impacto da MPS nos escores da subescala Bulimia e Preocupação com 0 Alimenta (F(1, 44 = 1,26; p = 0,22. Assim, em razão da investigação apresentar delineamento transversal, pressupõe-se que as atletas de atletismo com traços perfeccionistas podem estar mais susceptíveis para a restrição alimentar e a influência ambiental para a ingesta alimentar.

  20. Factores de risco em implantologia

    OpenAIRE

    Sousa, Inês Silveira e Luz Nunes de

    2015-01-01

    A Implantologia tem ganho popularidade na medicina dentária pelos resultados previsíveis em reabilitações de áreas edêntulas, permitindo minimizar as consequências funcionais, fonéticas e estéticas que advém da perda de dentes através de uma solução fixa que satizfaz os pacientes. Esta é uma revisão da literatura existente sobre factores de risco, fracassos e complicações inerentes ao tratamento com implantes dentários. Categorizam-se os factores de risco em implantologia co...

  1. A relevância dos indicadores de margem de contribuição na gestão de produtos diferenciados em um supermercado

    OpenAIRE

    Roehrs, Leonardo dos Santos

    2014-01-01

    Esse trabalho tem como objetivo fazer uma analise dos indicadores de margem de contribuição no desempenho e rentabilidade de uma gama de produtos de uma seção denominada “Gastronomia Especial” criada a partir da dificuldade encontrada por um grupo de pessoas em encontrar produtos diferenciados para cursos de culinária e até a para gastrônoma do dia-a-dia. Com a acirrada concorrência no comércio varejista e as exigências de alguns consumidores, o aumento do mix de produtos e a c...

  2. Posições de Sindicatos e ONGs sobre os riscos e a regulação da nanotecnologia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Noela Invernizzi

    2013-11-01

    Full Text Available Este trabalho discute os posicionamentos de Organizações não Governamentais (ONGs e sindicatos de trabalhadores sobre os riscos e a regulação da nanotecnologia. Baseia-se na análise de declarações e documentos produzidos por essas organizações entre 2002 e 2010. No contexto de fortes investimentos públicos e privados em nanotecnologia e de sua rápida incorporação a produtos e processos, esses grupos têm buscado representar seus interesses através de diversas estratégias. Seus posicionamentos se centram na aplicação do princípio de precaução e incluem pedidos de moratória, realização de mais investigação sobre riscos à saúde, ocupacionais e ambientais, regulação específica e obrigatória, transparência de informação e ampla participação pública na governança da nanotecnologia. Mostramos que essas organizações da sociedade civil vêm tecendo colaborações e alianças e tiveram algum êxito em posicionar a temática de riscos e regulação nas agendas dos governos.

  3. Risco de salinização das terras do baixo Acaraú (CE)

    OpenAIRE

    Lydia Helena da Silva de Oliveira Mota; Andréa da Silva Gomes; Gustavo Souza Valladares; Regina Maria Fontenele Magalhães; Hugo Mota Ferreira Leite; Tibério Almeida da Silva

    2012-01-01

    Em determinadas condições de relevo, do clima e de uso, com certa frequência pode acontecer acúmulo de sais nos solos, dando lugar à formação dos solos salinos e sódicos - também denominados de solos afetados por sais. A fim de orientar as práticas de manejo e uso das terras da região do Baixo Acaraú, CE, objetivou-se com o presente trabalho gerar um mapa de risco de salinização. Para obtenção das classes de vulnerabilidade, foram avaliados os temas pedologia, geologia, geomorfologia e uso e ...

  4. Análise de riscos nas indústrias petroquímicas: atmosferas explosivas

    OpenAIRE

    Chu, Jorge Nobre

    2014-01-01

    Dissertação de Mestrado em Segurança e Higiene do Trabalho São inúmeras as atividades industriais que no seu processo fabril estão presentes substâncias inflamáveis que poderão criar atmosferas potencialmente explosivas sob a forma de gases ou vapores. Segundo a diretiva ATEX dever-se-á estabelecer áreas de risco, onde deveram ser adotadas precauções especiais para evitar a ignição ativa e a permanência da concentração dos gases no local. Esta dissertação estuda os fenómenos da criação ...

  5. A CRISE ESTRUTURAL DOS JORNAIS Uma exploração comparativa sobre a situação nos EUA e no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Alves Müller

    2011-10-01

    Full Text Available Os jornais dos principais países desenvolvidos vivem uma crise frequentemente atribuída ao desenvolvimento das mídias digitais. Essa situação parece não se reproduzir nas maiores economias emergentes. O presente trabalho sustenta que, embora o surgimento e avanço dessas mídias tenham efetivamente afetado negativamente o desempenho das empresas jornalísticas, a crise em questão é estrutural e suas origens antecedem o surgimento das mídias digitais. A hipótese de que a situação dos países emergentes seja estruturalmente diversa é testada e, acredita-se, refutada por meio de uma analise comparativa da evolução recente do negócio jornal nos EUA e no Brasil.

  6. Diagnóstico primário dos fatores de risco coronariano em idosos vinculados à estratégia saúde da família no interior do Rio Grande do Sul

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Micheli Beatriz Radtke

    2016-10-01

    Full Text Available Objetivo: estimar a prevalência de fatores de risco de doença coronariana em idosos de um município no interior do Rio Grande do Sul. Método: para a realização do presente estudo, utilizou-se a tabela de risco coronariano proposta pela Michigan Heart Association. Realizou-se um estudo com abordagem epidemiológica, observacional e com delineamento transversal em uma amostra calculada de 115 idosos, de ambos os sexos, na faixa etária média de 69,86 ±7,7 anos. Os dados foram submetidos à análise descritiva, através da média, desvio padrão e identificação do percentual da ocorrência do risco relativo, além disso, foi realizado o teste Mann-Whitney e o teste t pareado para comparação do risco coronariano entre as unidades de saúde e a frequência na dieta alimentar de alimentos ricos em gorduras saturadas e sódio. Resultados: o risco coronariano médio obtido foi de 31,23 ± 5,3 pontos, classificado pela Michigan Heart Association, como risco moderado. Não houve alteração significativa entre os sexos e as localidades, indicando que o risco coronariano é alto em todo território avaliado. A população apresentou dieta aterogênica, com consumo elevado de gordura saturada e sódio. De acordo com a ordem de prevalência, os fatores mais encontrados foram: percentual de gordura saturada na dieta, hereditariedade, sobrepeso, pressão arterial, sedentarismo e tabagismo respectivamente. Considerações finais: foram evidenciados casos de alto risco, alertando para a necessidade da elaboração e inserção de políticas de promoção de saúde, a fim de minimizar as possibilidades de ocorrência de eventos coronarianos, sobretudo em uma população idosa.

  7. O risco sistémico

    OpenAIRE

    Murteira, Mário

    2010-01-01

    Num contexto de «risco sistémico» generalizado, são necessários agentes ágeis, capazes de uma actuação eficaz no mercado global. É preciso prever, prevenir ou superar, quanto possível, os factos nocivos de maior ou menor envergadura que se associam aos diferentes tipos de risco, no referente à segurança das pessoas, à degradação ambiental, à saúde pública ou ao rendimento individual. Encontramos aqui a necessidade de certo tipo de regulação de múltiplas dimensões. In a context of widesprea...

  8. Análise da vulnerabilidade dos adolescentes à hepatite B em Teresina/PI

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Telma Maria Evangelista de Araújo

    2012-12-01

    Full Text Available Os adolescentes fazem parte de grupos com elevada suscetibilidade à infecção pelo vírus da hepatite B em função da adoção de comportamentos de risco. Este trabalho objetivou analisar a vulnerabilidade dos adolescentes à hepatite B. Para isso, realizou-se estudo desenvolvido por meio de inquérito epidemiológico com 196 adolescentes de 14 a 19 anos. Os resultados mostraram que 57,1% dos adolescentes já haviam iniciado a vida sexual, destes 45,5% não tinham parceiro(a estável, 54,5% pertenciam a faixa etária de 14 a 16 anos, 24,1% não usavam preservativo nas relações sexuais, 62,8% referiram não saber da transmissão do vírus da hepatite B e 61,2% não apresentavam cobertura vacinal contra este agravo. Conclui-se que os adolescentes constituem grupo vulnerável à hepatite B, devido a fatores condicionantes e determinantes, tais como desconhecimento sobre a doença, baixa cobertura vacinal, adoção de comportamento de risco e sensação de invulnerabilidade.

  9. Usos do glossário do risco em revistas: contrastando "tempo" e "públicos" Uses of the risk glossary in magazines: contrasting "time" and "public"

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mary Jane P. Spink

    2008-01-01

    Full Text Available Este artigo visa contribuir para a compreensão das maneiras de falar de risco na mídia, apoiando-se no referencial teórico da Psicologia Social discursiva. Duas estratégias complementares de investigação foram utilizadas: análise diacrônica de amostra de revista de interesse geral (210 exemplares da Veja e sincrônica de revistas destinadas a públicos variados (101 revistas. A análise da Veja focalizou as temáticas das matérias e anos de sua publicação. Para a amostra sincrônica foram priorizadas as temáticas das revistas de modo a entender o endereçamento a públicos distintos. A análise "no tempo" sugere que os glossários do risco-perigo e risco-probabilidade já estão consolidados e seu uso traz ressonâncias dos contextos históricos em que essas tradições tomaram forma. No enquadre do risco-aventura, vimos surgir novos vocábulos para referir-se às emoções dos esportes radicais ou posicionar aqueles que optam por correr risco. Esses usos da linguagem do risco são mais bem apreendidos no fluxo da comunicação em que o público tem cara: as revistas segmentadas.This paper is a contribution to the understanding of risk-talk in the media from a theoretical perspective of discursive Social Psychology. Two complementary strategies were used: diachronic analysis of a sample of a magazine of general interest (210 issues of Veja and synchronic analysis of magazines directed to various types of people (101 magazines. For Veja, the analysis focused on article themes and date of publication. For the synchronic sample, priority was given to how risk is presented to different kinds of public. The analysis "over time" suggests that risk as danger and risk as probability glossaries are already well established and their use is a resonance of the historic contexts in which this tradition took shape. New repertoire emerges in the tradition of risk as adventure to refer to emotions associated with radical sports or to people who

  10. Riscos e benefícios da triagem genética: o traço falciforme como modelo de estudo em uma população brasileira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silva Roberto Benedito de Paiva e

    1997-01-01

    Full Text Available A triagem populacional de heterozigotos assintomáticos para fins de orientação genética é um procedimento bastante controvertido, por envolver o risco de rotulação, discriminação, estigmatização, perda de auto-estima e invasão de privacidade. Assim sendo, investigou-se no presente trabalho os efeitos da orientação genética fornecida a indivíduos diagnosticados como heterozigotos do gene da hemoglobina S (heterozigotos AS, portadores do traço falciforme durante a triagem de doadores de sangue. Foram convidados por carta 92 doadores AS para receber orientação genética gratuita e individualizada, 66 dos quais (72% aceitaram o convite. Cerca de 50% dos indivíduos trouxeram a parceira e/ou os filhos para investigação laboratorial das hemoglobinopatias, identificando-se assim alguns casais de risco e algumas crianças com anemia hemolítica crônica. Seis meses após o fornecimento da orientação genética, foi possível avaliar por entrevista pessoal ou por carta-questionário 43 doadores AS (65%, constatando-se uma boa assimilação das informações fornecidas. A orientação genética não produziu mudanças significativas na vida da maioria dos indivíduos e os riscos teóricos da orientação genética não aparecem de forma preocupante na casuística examinada. Foram constatados de forma esporádica, no entanto, indícios de estigmatização, rotulação, discriminação, perda da auto-estima e invasão de privacidade.

  11. Avaliação multicriterial no mapeamento de risco de incêndios florestais, em ambiente sig, na bacia do Rio Corumbataí, SP Multi-criteria evaluation of a GIS environment in a forest fire hazard mapping for the Corumbataí River basin, SP, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hilton Luis Ferraz da Silveira

    2008-04-01

    Full Text Available Um dos agentes mais empregados na supressão de áreas florestais no Estado de São Paulo é o fogo, por meio de queimadas que, quando fora de controle, podem converter-se em incêndios responsáveis pela destruição de extensos ecossistemas. Na Bacia do Rio Corumbataí, SP, os incêndios são um dos causadores de fragmentação e degradação da cobertura florestal. Nesse contexto, este trabalho objetivou a realização do mapeamento de risco de incêndios florestais na Bacia do Rio Corumbataí, utilizando-se a avaliação multicriterial (Método da Média Ponderada Ordenada em um Sistema de Informações Geográficas. Os fatores importantes do estudo foram: declividade do terreno, face de exposição ao sol, pluviosidade, proximidade da malha viária, proximidade dos centros urbanos, proximidade da rede hidrográfica, vizinhança dos fragmentos e face de exposição aos ventos. A combinação dos mapas de fatores resultou no mapa de risco regional da bacia. Para a confecção do mapa de risco em nível de fragmento, determinou-se o risco associado a cada fragmento, a partir da análise de uma faixa de 30 m em seu entorno. O risco foi reclassificado em três classes: baixo, médio e alto. Com base no mapa final, verificou-se que: aproximadamente 20% dos fragmentos de mata nativa pertencem à classe de risco alto, 55% à classe de risco médio e 25% à classe de risco baixo. Nas condições atuais de uso e cobertura do solo, bem como de manejo das áreas agrícolas e pastagens, os remanescentes florestais da Bacia do Rio Corumbataí estão sob séria ameaça de degradação por incêndios florestais.Fire is one of the agents most used in the suppression of forest areas in the State of São Paulo, Brazil, and, when out of control, it can be responsible for the destruction of extensive ecosystems. In the case of the Corumbataí river basin, SP, fire is one of the main causes of forest fragmentation and degradation. The purpose of this study was

  12. Análise do nível de adesão ao disclosure do risco de mercado pelos bancos com ações negociadas na BM&FBOVESPA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vinícius Costa da Silva Zonatto

    2015-05-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo é analisar o nível de adesão ao disclosure do risco de mercado pelas instituições financeiras com ações negociadas na Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros (BM&F Bovespa, no tocante às recomendações do Acordo de Basileia II, em especial pelos bancos listados nos Níveis Diferenciados de Governança Corporativa da BM&F Bovespa. A metodologia utilizada na pesquisa consistiu num estudo descritivo, realizado por meio de uma pesquisa documental, com abordagem quantitativa dos dados. Os dados foram analisados por meio de consulta aos demonstrativos financeiros padronizados de 2010, disponibilizados por 24 bancos no sitio da BM&F Bovespa. Para tratar os dados foram utilizados o teste de Kolmogorov-Smirnov e o teste não-paramétrico de Mann-Whitney. A análise dos dados permitiu identificar os fatores que evidenciam o grau de transparência das informações relacionadas ao risco de mercado que se tornam necessárias para a tomada de decisão dos stakeholders dessas organizações. Os resultados encontrados indicam que instituições participantes de diferentes níveis de governança corporativa apresentam maior adesão às recomendações do Novo Acordo de Basileia para o disclosure do risco de mercado, do que as instituições participantes do mercado tradicional. No entanto, a partir da aplicação do teste não-paramétrico de Mann-Whitney, verificou-se que as práticas de disclosure das organizações em estudo não possuem diferenças estatisticamente significativas.

  13. Aspectos econômicos da produção e do risco nos sistemas agroflorestais e nos sistemas tradicionais de produçâo agrícola em tomé-açu, Pará - 2001 a 2003 Economic aspects of production under risk conditions in agroforestry systems and traditional agricultural systems in tomé-açu, Pará - 2001 to 2003

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Benedito Varela

    2009-02-01

    Full Text Available Neste artigo, analisaram-se os fatores determinantes da produção dinâmica dos sistemas agroflorestais (SAF e dos sistemas tradicionais de produção agrícola (ST, sob condições de risco, em pequenas e médias unidades produtivas nipo-brasileiras localizadas no Município de Tomé-Açu, Pará, no período de 2001 a 2003. Os resultados indicaram que todos os fatores, exceto a mão-de-obra contratada e as máquinas e equipamentos, afetam diretamente o Valor Bruto da Produção (VBP dos SAF e dos ST; a variável dummy apresentou diferença cumulativa a menor no VBP dos SAF, de um ano para outro. A função de risco estimada apontou que os SAF apresentaram menor risco que os ST, evidenciando-se que a aplicação de insumos era fonte de redução de risco, mas a tecnologia adotada precisa ser adequada, pois se apresenta como fator de aumento de risco nos dois sistemas. Além disso, a dummy indicou que os SAF exibiram menor nível de risco que os ST. Nesse contexto, os resultados deixaram claro, ainda, que os produtores nipo-brasileiros eram avessos ao risco.This article analyzes the determinants of the dynamic production inputs of the agroforestry systems (SAF and traditional agricultural systems (ST under risk conditions, in small and medium farms in Tome-Açu, Pará, by Brazilian-Japanese producers from 2001 to 2003. The dynamic regression model results showed that all the inputs, except labor and machinery, have positive impacts on the current VBP of the two systems analyzed. Furthermore, the dummy variable shows a minor accumulative difference of the SAF's VBP in comparison with ST's VBP, from one period (year to another. The estimated risk function indicates that the use of fertilizer and pesticides reduce the risk level of the two systems, but the current technology needs to be adequate to other production inputs, since it appears as a factor of increased risk to the two systems. In addition, the dummy variable indicates that the SAF

  14. Plantas transgênicas e seus produtos: impactos, riscos e segurança alimentar (Biossegurança de plantas transgênicas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nodari Rubens Onofre

    2003-01-01

    Full Text Available Este trabalho aborda tópicos relacionados com plantas transgênicas, também chamadas de Organismos Geneticamente Modificados, alimentos derivados delas e segurança alimentar. As biotecnologias modernas são ferramentas de grande potencial de reprogramação dos seres vivos. Contudo, o maior problema na análise de risco destes organismos gerados pela biotecnologia é que seus efeitos não podem ser previstos em sua totalidade. Os riscos à saúde humana incluem aqueles inesperados, alergias, toxicidade e intolerância. No ambiente, as conseqüências são a transferência lateral de genes, a poluição genética e os efeitos prejudiciais a organismos não-alvo. O princípio da equivalência substancial, até agora utilizado, deveria ser abandonado em favor de um cientificamente embasado. Com a aprovação em janeiro de 2002 do Protocolo Internacional de Biossegurança, o princípio da precaução foi estabelecido como básico e a rotulagem tornou-se obrigatória. A percepção pública obriga empresas e cientistas a um maior uso da ciência na análise de risco antes do consumo destes alimentos.

  15. Dieta habitual e fatores de risco para doenças cardiovasculares Habitual diet and cardiovascular disease risk factors

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Maria Cervato

    1997-06-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Estudo descritivo por amostragem em munícípio do Estado de São Paulo, Brasil, em 1990, com objetivo de analisar, mediante entrevistas domiciliares, a dieta habitual e fatores de risco para doenças cardiovasculares em indivíduos maiores de 20 anos. METODOLOGIA: Foram entrevistados 557 indivíduos, de idade entre 20 e 88 anos, que fazem parte de subamostra de um estudo global na região. A dieta habitual, identificada pelo histórico alimentar foi comparada às recomendações da OMS e os fatores de risco estudados (obesidade, dislipidemias, diabetes melito diagnosticados pelo Índice de Massa Corpórea e dosagens bioquímicas. RESULTADOS E CONCLUSÕES: Observou-se que 60% da população consome dieta com energia total abaixo da estimativa das necessidades e que a contribuição calórica dos carboidratos foi de 56%, dos lipídios de 29% e das proteínas de 15%. Entretanto, na análise por percentil, a contribuição calórica dos lipídios e das proteínas encontra-se muito acima dos padrões recomendados em detrimento dos carboidratos. A energia, distribuição calórica e quantidade de colesterol foi adequada em apenas 5% das dietas. Dentre os fatores de risco para doenças cardiovasculares estudados observou-se a prevalência de obesidade em 38% dos indivíduos, de dislipidemias em 26% e de diabetes melito em 5%. A atividade física leve preponderante com dieta inadequada, tanto em termos de qualitativos quanto quantitativos, agravam ainda mais esse quadro.INTRODUCTION: A survey by sampling in a county of the State of S. Paulo in 1990 sought, by means of home interviews, to analyse the habitual diet and risk factors for cardiovascular disease of people over 20 years of age. METHODOLOGY: Of the sub-specimen of a comprehensive study population, 557 individuals, aged between 20 and 88, were interviewed. The habitual diet, characterized by the dietary history, was compared with the recommendations on energy and nutrients of the

  16. Estudo de Urbanização em Áreas de Risco a Escorregamentos nos Loteamentos do Recreio São Jorge e Novo Recreio, Região do Cabuçu, Guarulhos (SP, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandra Emi Sato

    2011-10-01

    Full Text Available Este artigo, desenvolvido a partir de dissertação de mestrado em Análise Geoambiental da Universidade Guarulhos, apresenta um estudo de urbanização em áreas de risco a escorregamentos dos loteamentos do Recreio São Jorge e Novo Recreio, localizados no município de Guarulhos, São Paulo, Brasil. O estudo adotou a microbacia Taquara do Reino como unidade de planejamento urbano e considerou a carta de zoneamento de risco e suscetibilidade a escorregamentos, assim como a cartografia de restrições legais ao uso do solo. O resultado obtido foi a elaboração de uma alternativa de urbanização como ensaio prático de aplicação dos critérios estudados, considerando a necessidade de melhorar-se as condições ambientais do uso do solo nessa microbacia.

  17. Risk factors associated with vestibulocochlear nerve schwannoma: systematic review Fatores de risco associados ao Schwannoma do nervo vestibular: revisão sistemática

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Corona

    2009-08-01

    resultados dos estudos. RESULTADOS: Foram localizados 20 estudos do tipo caso-controle, sendo a maioria publicada nos Estados Unidos. A análise dos estudos revela como fatores de risco para o SV o nível educacional, renda familiar, ocupação, exposição à radiação ionizante e ao ruído, doença alérgica e uso de telefone celular e fixo sem fio. CONCLUSÕES: Limitações metodológicas e imprecisão dos achados impõem limites a conclusões definitivas sobre os fatores de risco associados ao SV. O presente estudo contribui com informações que podem subsidiar decisões metodológicas para novas investigações sobre fatores de risco para SV e, assim, colabora para o avanço do conhecimento na área.

  18. Fatores de risco e de proteção em adolescentes vítimas de abuso sexual

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jeane Lessinger Borges

    2013-09-01

    Full Text Available Este artigo refere-se a uma pesquisa qualitativa que visou identificar os fatores de risco e de proteção em casos de abuso sexual na adolescência. Foram entrevistadas duas meninas adolescentes vítimas de abuso sexual, de um município do Interior do Rio Grande do Sul. Os dados das entrevistas foram analisados por meio da Análise de Conteúdo (Bardin, 1977. Em relação aos resultados, percebe-se uma presença maior de fatores de risco do que de fatores de proteção no momento atual de vida das adolescentes, o que merece uma atenção especial por parte dos serviços que atendem estes casos. Sugerem-se pesquisas referentes aos estudos relacionados à resiliência e aos aspectos positivos da vida do ser humano, em vítimas de abuso sexual, buscando fortalecer os aspectos saudáveis das vítimas e ajudá-las a reconstruir sua vida.

  19. Consumo e risco: mídia e experiência do corpo na atualidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Vaz

    2008-09-01

    Full Text Available Este artigo propõe a tese de que o conceito de risco orienta a concepção contemporânea de moralidade. A argumentação se organiza em dois eixos. Um é o diagnóstico de substituição da norma pelo risco como conceito básico por meio do qual os indivíduos na cultura ocidental pensam o poder de suas ações e, desse modo, habitam o tempo. Em outras palavras, esses conceitos orientam o modo como os indivíduos trabalham sobre seus corpos e estados mentais para conquistar um estado de ser no futuro tido como desejável. O segundo eixo aponta os fatores de mudança – a transformação recente do capitalismo e o desenvolvimento tecnocientífico – e propõe os modos como eles afetam a produção de subjetividade. Espera-se, por fim, apontar alguns elementos que explicam a relevância recente dos meios de comunicação para a moralidade cotidiana. Palavras-chave: Risco; norma; capitalismo; tecnologia; mídia. ABSTRACT This article presents the thesis that the concept of risk orients contemporary conceptions of morality. The argument is developed along two axes. First, the diagnostic of the substitution of norm by risk as the basic concept through which Western individuals conceive the power of their actions and therefore inhabit time. These concepts orient the ways in which individuals work upon their bodies and mental states in order to attain a desirable stateof being in the future. The second axe posits a recent transformation in capitalism and techno-scientific developments as agents in the production of subjectivity. Finally, the article elaborates key aspects of the recent relevance of communication media to quotidian morality. Keywords: Risk; norm; capitalism; technology; media.

  20. Os testes de equilíbrio Alcance Funcional e “Timed Up and Go” e o risco de quedas em idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Paula Silva Campos

    2014-03-01

    Full Text Available O risco de quedas aumenta com o envelhecimento, tornando-se problema de saúde pública. O estudo atual teve como objetivo identificar os fatores de risco de quedas em indivíduos idosos e analisar se os testes de equilíbrio, Teste de Alcance Funcional (TAF e “Timed Up and Go” (TUG, identificam aqueles com maior susceptibilidade a cair. Realizou-se estudo prospectivo, transversal e observacional, com 155 idosos (≥60 anos, sendo 131 mulheres e 24 homens, atendidos em hospital público de Brasília (DF. Estes idosos foram divididos em dois grupos: grupo 1, com os que referiram queda nos últimos 12 meses; e grupo 2, com aqueles que negaram queda no mesmo período. Foram aplicados, além de um questionário para identificar os fatores de risco de quedas, dois testes para avaliar o equilíbrio (TAF e TUG. A idade média dos idosos estudados foi de 70,65 ± 7,52 anos, sendo que 38,7% deles relataram queda nos últimos 12 meses. A incidência de quedas foi significativamente maior no sexo feminino, nos que relataram medo de queda e nos que usavam polifarmácia. Na análise multivariada, a polifarmácia foi o único fator de risco independente associado ao evento quedas. Os testes de equilíbrio TAF e TUG não se correlacionaram significativamente com a ocorrência de quedas. Concluiu-se que a polifarmácia foi o único fator de risco independente associado a quedas, e que os testes de equilíbrio TAF e TUG não identificaram os idosos com maior susceptibilidade a cair.

  1. Risco ocupacional em unidades de Suporte Básico e Avançado de Vida em Emergências Riesgo laboral en las Unidades de Soporte Básico y Avanzado de Vida en Emergencia Occupational risk in Basic and Advanced Emergency Life Support Units

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Amanda dos Santos Zapparoli

    2006-02-01

    Full Text Available O estudo objetivou identificar os fatores de risco ocupacional a que estão expostos os profissionais da equipe das Unidades de Suporte Básico e Avançado de Vida em Emergências. Utilizou-se a técnica de entrevista semi-estruturada para coleta dos dados. Constituíram-se sujeitos do estudo 40 trabalhadores de duas equipes do Sistema de Atendimento Médico a Urgência de uma cidade do interior do Estado de São Paulo. Os fatores de risco identificados pela maioria dos trabalhadores foram: físicos (elevados níveis de temperatura e ruído ambiental; químicos (manipulação de substâncias químicas; biológicos (exposição a microorganismos e falta de materiais disponíveis. Os riscos peculiares à atividade foram: risco de ocorrência de acidentes automobilísticos (90% dos trabalhadores, agressões física e moral (90% dos trabalhadores e acidentes com material pérfuro-cortante (72,5% dos trabalhadores. A violência foi descrita por 75 % dos trabalhadores como fator de risco mais preocupante no trabalho. A maioria dos trabalhadores identificou os riscos ocupacionais. No entanto, a minoria utiliza medidas adequadas de segurança, revelando a necessidade de intervenções.Este estudio se realizó con el objetivo de identificar los factores de riesgo laboral a los que están expuestos los profesionales del equipo de las Unidades de Soporte Básico y Avanzado de Vida en Emergencias. Se utilizó la entrevista semiestructurada. Los sujetos de estudio fueron 40 trabajadores componentes de dos equipos del Sistema de Atención Médica de Urgencia de una ciudad del interior de São Paulo-Brasil. Los factores de riesgo identificados por la mayoría de los trabajadores fueron: físicos (elevados niveles de temperatura y ruido ambiental; químicos (manipulación de substancias químicas; biológicos (exposición a microorganismos y falta de materiales disponibles. Los riesgos peculiares a la actividad fueron: riesgo de ocurrencia de accidentes

  2. Instrumentos de planejamento e preparo dos municípios brasileiros à Política de Proteção e Defesa Civil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos Pellegrini Coutinho

    2015-09-01

    Full Text Available Com a premissa de que as cidades devem possuir um plano diretor e leis capazes de inibir ocupação em áreas de risco, buscamos conhecer o nível de preparo dos municípios brasileiros no contexto da Política Nacional de Proteção e Defesa Civil (PNPDEC, segundo a Lei n. 12.608/2012, que altera o Estatuto da Cidade e a Lei de Lehmann. A pesquisa utilizou os dados do MUNIC/IBGE/2013, que disponibiliza informações dos municípios. Constatamos que poucos municípios incorporaram as mudanças trazidas pela PNPDEC, inclusive municípios com áreas de risco mapeadas e monitoradas pelos órgãos competentes. Sugerimos uma dedicação especial dos setores de planejamento, obras e infraestrutura, defesa civil, ambiental, saúde, entre outros, para que os instrumentos normativos sejam utilizados no planejamento das cidades, conforme critérios técnicos e fragilidades ambientais. A capacitação técnica e da população também é essencial para uma ocupação ordenada dos espaços (público e privado e para a construção de cidades resilientes.

  3. Sobre palavras que vendem coisas: o glossário do risco em anúncios de revistas On words that sell things: risk glossaries in media advertisements

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mary Jane P. Spink

    2007-04-01

    Full Text Available Este artigo visa entender como a linguagem dos riscos, nas suas diferentes tradições (risco-perigo, risco-probabilidade e risco-aventura, é utilizada para vender produtos em anúncios veiculados em revistas vendidas em bancas. Com esse objetivo, tomamos os anúncios como gêneros de discurso que fazem circular materialidades (artefatos cotidianos passíveis de comercialização (na forma de bens simbólicos e que são necessariamente endereçados a públicos específicos. Foi definida uma amostra de 101 revistas com base nas categorias utilizadas pelo Anuário de Mídia - Revistas. A análise levou em consideração as palavras empregadas nos anúncios, a categoria de produtos e a temática da revista. Conclui-se que, embora os riscos vendam produtos, trata-se mais do controle de riscos potenciais do que de apologia do risco. Mesmo quando os produtos são associados ao risco-aventura, vendem-se, de fato, emoções associadas à experiência do risco que são sustentadas por uma diversidade de estratégias de segurança.The aim of this research was to understand how the discursive traditions (risk as danger; risk as probability and risk as adventure of the language of risk are used in magazine advertisements. Advertisements were defined as genres of discourse that put into circulation materiality (quotidian artifacts that can be commercialized (as symbolic goods and are necessarily addressed to a specific public. A sample of 101 magazines was defined using the categories of the Anuário de Mídia - Revistas. The analysis took into account the words used in the advertisements, the category of goods been advertised and the type of magazine in which they appeared. Although risk does sell products, the focus tends to be on risk control rather than on an apology of risk. Even when products are associated to risk as adventure, what is being sold is the sensation of risk counterbalanced by a diversity of safety strategies.

  4. Doença cardiovascular e fatores de risco cardiovascular em candidatos a transplante renal Cardiovascular disease and risk factors in candidates for renal transplantation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luís Henrique Wolff Gowdak

    2005-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Determinar a prevalência de doença cardiovascular (DCV e de fatores de risco tradicionais em portadores de insuficiência renal crônica em avaliação para inclusão em lista para transplante renal. MÉTODOS: Foram submetidos à avaliação clínica e exames complementares 195 pacientes com insuficiência renal crônica dialítica e comparados a grupo de 334 hipertensos pareados por idade. As equações de Framingham foram usadas para o cálculo do risco absoluto (RA; o risco relativo (RR foi calculado tendo como referência o risco absoluto da coorte de baixo risco de Framingham. RESULTADOS: Do total, 37% apresentaram algum tipo de doença cardiovascular na avaliação inicial, sendo que arteriopatia obstrutiva (23% foi a mais prevalente. Excluídos os pacientes com doença cardiovascular, em relação aos fatores de risco tradicionais, houve diferença significativa quanto à pressão arterial sistólica e colesterol total (maiores no grupo de hipertensos e às prevalências de homens, diabetes e tabagismo, maiores no grupo de insuficiência renal crônica, que apresentou maior grau de hipertrofia ventricular esquerda, menor pressão arterial diastólica e menor prevalência de história familiar de doença cardiovascular e obesidade. O risco relativo para doença cardiovascular dos pacientes com insuficiência renal crônica foi mais elevado em relação à população controle de Framingham porém não diferiu da observada no grupo de hipertensos. CONCLUSÃO: Em candidatos a transplante renal é significativa a prevalência de doença cardiovascular e de fatores de risco tradicionais; as equações de Framingham não quantificam adequadamente o risco cardiovascular real e outros fatores de risco específicos desta população devem contribuir para o maior risco cardiovascular.OBJECTIVE: To determine the prevalence of cardiovascular disease (CVD and traditional risk factors in patients with chronic renal failure undergoing

  5. Riscos e doenças ocupacionais relacionados ao exercício da anestesiologia Riesgos y enfermedades ocupacionales relacionados con el ejercicio de la anestesiología Occupational hazards and diseases related to the practice of anesthesiology

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Volquind

    2013-04-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O exercício da anestesiologia não é isento de riscos para o anestesiologista. Considerada um local de trabalho insalubre em razão dos riscos potenciais que oferece, a sala de operações (SO é o local no qual o anestesiologista passa a maior parte do tempo. Nesta revisão, propomos uma análise dos riscos ocupacionais aos quais estão expostos os anestesiologistas em sua prática diária. CONTEÚDO: Apresentamos a classificação dos riscos e suas relações com as doenças ocupacionais. CONCLUSÃO: O controle dos riscos ocupacionais, aos quais os anestesiologistas são expostos diariamente, se faz necessário para o desenvolvimento de um local de trabalho adequado e com riscos reduzidos para a boa prática da anestesiologia. Isso contribui para a diminuição do absenteísmo, a melhora da assistência prestada ao paciente e da qualidade de vida do anestesiologista.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: El ejercicio de la anestesiología no está exento de riesgos para el anestesiólogo. Considerado como un local de trabajo insalubre a causa de los riesgos potenciales a que conlleva, el quirófano es el local en donde el anestesiólogo pasa la mayor parte del tiempo. En esta revisión, proponemos un análisis de los riesgos ocupacionales a los que están expuestos los anestesiólogos en su práctica diaria. CONTENIDO: Presentamos una clasificación de los riesgos y sus relaciones con las enfermedades ocupacionales. CONCLUSIONES: El control de los riesgos ocupacionales a los que están expuestos los anestesiólogos diariamente es necesario para lograr un local de trabajo adecuado y con riesgos reducidos para la buena práctica de la anestesiología, lo que contribuye para la disminución del absentismo, la mejoría de la asistencia prestada al paciente y de la calidad de vida del anestesiólogo.BACKGROUND AND OBJECTIVES: The practice of anesthesiology is not without risks to the anesthesiologist. The operating room (OR, in

  6. Psicodinâmica do trabalho e riscos de adoecimento no magistério superior

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Celina Hoffmann

    Full Text Available Resumo: A intensificação da atividade docente reflete um novo paradigma de produção e consumo do conhecimento, no qual coexistem demandas caracterizadas por aceleração das atividades, alienação e competitividade. Nesse sentido, faz-se pertinente investigar a tríade trabalho, saúde, doença no contexto da docência do magistério superior. Diante disso, buscou-se analisar os indicadores críticos de adoecimento no trabalho segundo a percepção dos docentes da Universidade Federal de Santa Maria (RS. Para tanto, realizou-se aplicação do Inventário sobre Trabalho e Riscos de Adoecimento (Itra e, posteriormente, entrevistas semiestruturadas de caráter complementar, aplicadas aos docentes pertencentes às áreas do conhecimento com maior participação. Destaca-se a identificação de sobrecarga cognitiva em nível grave para as mulheres (58% em relação aos homens, com avaliação em nível crítico (50%, além de maior esgotamento profissional enfrentado por elas, com avaliação em nível crítico (44%. O teste Mann-Whitney evidenciou diferença significativa entre homens e mulheres quanto aos danos físicos (p = 0, 001, danos sociais (p = 0,01 e custo cognitivo (p = 0,04. Dessa forma, o papel do gênero deve ser considerado enquanto elemento que promove distinção na percepção, avaliação e gestão dos aspectos que envolvem o trabalho e a vulnerabilidade aos riscos de adoecimento.

  7. Segurança Transfusional: um método de Vigilância Sanitária para avaliação de riscos potenciais em serviços de hemoterapia / Transfusion Safety: a Health Surveillance method to evaluate potential risks in hemotherapy services

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Batista Silva Junior

    2014-05-01

    Full Text Available O artigo descreve o método de avaliação de risco potencial em serviços de hemoterapia (MARPSH aplicado pela Vigilância Sanitária (VISA no Brasil. Esse instrumento permite a identificação de riscos potenciais por meio do mapeamento dos multicritérios de controle e modelação das preferências para tomada de decisão, inserindo-o no âmbito da gestão proativa do risco. O MARPSH estrutura-se em 471 itens de controle, sendo 50% relacionados a riscos ao produto, 25% ao paciente, 17% ao doador e 8% ao trabalhador do serviço. Cada risco identificado é categorizado quanto à severidade, sua probabilidade e sua possibilidade de dano. Os sistemas analíticos utilizam a atribuição de duas ponderações, uma na valoração dos itens de controle e outra se refere à complexidade dos procedimentos. A relação entre a pontuação alcançada e a pontuação máxima possível origina o indicador Proporção de Controle (PC, pelo qual o risco potencial é classificado em Baixo (PC ≥ 95%, Médio-Baixo (80% ≤ PC < 95%, Médio (70% ≤ PC < 80%, Médio-Alto (60% ≤ PC < 70% e Alto (PC < 60%. A utilização do MARPSH permite o monitoramento e o controle da redução dos riscos e, consequentemente, o incremento da segurança transfusional. ----------------------------------------------------------------------- This article describes the method for the evaluation of potential risks in hemotherapy services (MARPSH applied by the Brazilian Health Surveillance Agency. It allows the identification of potential risks by mapping them for advanced control and modeling the preferences for decision making as a proactive risk management activity. The MARPSH structure is composed by 471 control items, being 50% related to risks for the product, 25% for the patient, 17% for the donor and 8% for the worker. Each identified inadequacy is categorized by its severity, its probability and relatively of a possibility of a hazard. For its analysis, the system adopted

  8. Estimativa do risco de infecção tuberculosa em populações vacinadas pelo BCG

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Arantes Gilberto Ribeiro

    1992-01-01

    Full Text Available A revacinação de escolares com BCG, capaz de restaurar a alergia remanescente de vacinação realizada nos primeiros meses de vida, porém incapaz de modificar a alergia devida à infecção pelo M. tuberculosis, possibilitaria a quantificação da parcela dessa população infectada pelo bacilo de Koch. Foi desenvolvida pesquisa com o objetivo de avaliar a aplicabilidade desses pressupostos na estimativa do risco de infecção tuberculosa em áreas sob elevada cobertura com BCG. A população de estudo foi constituída por escolares com 6 a 9 anos de idade freqüentando escolas municipais da zona leste da cidade de São Paulo, durante o primeiro semestre letivo de 1988. De 11.455 vacinados, apenas 7.470 foram submetidos ao teste tuberculínico, revacinados em seguida e retestados dez semanas depois. Destes, 3.314 tinham sido vacinados no primeiro trimestre de vida com meia dose e os demais 4.156 receberam dose plena acima dessa idade (75% no primeiro ano de vida, 20% no segundo e 5% no terceiro. A contagem dos infectados, pelo confronto dos resultados pré e pós vacinais em tabelas de correlação, foi realizada segundo os critérios do método original e modificação introduzida pelos autores, separadamente para os vacinados no primeiro trimestre de vida e após essa idade. O risco de infecção foi, respectivamente, 0,35% e 0,37% com o critério original e 0,45% e 0,49% com o modificado. O referencial médio disponível para a área estudada, estimado por outros métodos, foi 0,55%. As diferenças entre critérios e idades e destes com o referencial não foram significantes (P > 0,05. Os resultados sugerem que o método é aplicável para a estimativa do risco de infecção tuberculosa na idade escolar, em vacinados com BCG no primeiro ano de vida, com dose plena de vacina.

  9. Estimativa do risco de infecção tuberculosa em populações vacinadas pelo BCG

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gilberto Ribeiro Arantes

    1992-04-01

    Full Text Available A revacinação de escolares com BCG, capaz de restaurar a alergia remanescente de vacinação realizada nos primeiros meses de vida, porém incapaz de modificar a alergia devida à infecção pelo M. tuberculosis, possibilitaria a quantificação da parcela dessa população infectada pelo bacilo de Koch. Foi desenvolvida pesquisa com o objetivo de avaliar a aplicabilidade desses pressupostos na estimativa do risco de infecção tuberculosa em áreas sob elevada cobertura com BCG. A população de estudo foi constituída por escolares com 6 a 9 anos de idade freqüentando escolas municipais da zona leste da cidade de São Paulo, durante o primeiro semestre letivo de 1988. De 11.455 vacinados, apenas 7.470 foram submetidos ao teste tuberculínico, revacinados em seguida e retestados dez semanas depois. Destes, 3.314 tinham sido vacinados no primeiro trimestre de vida com meia dose e os demais 4.156 receberam dose plena acima dessa idade (75% no primeiro ano de vida, 20% no segundo e 5% no terceiro. A contagem dos infectados, pelo confronto dos resultados pré e pós vacinais em tabelas de correlação, foi realizada segundo os critérios do método original e modificação introduzida pelos autores, separadamente para os vacinados no primeiro trimestre de vida e após essa idade. O risco de infecção foi, respectivamente, 0,35% e 0,37% com o critério original e 0,45% e 0,49% com o modificado. O referencial médio disponível para a área estudada, estimado por outros métodos, foi 0,55%. As diferenças entre critérios e idades e destes com o referencial não foram significantes (P > 0,05. Os resultados sugerem que o método é aplicável para a estimativa do risco de infecção tuberculosa na idade escolar, em vacinados com BCG no primeiro ano de vida, com dose plena de vacina.

  10. Participação dos Pais na Psicoterapia da Criança: Práticas dos Psicoterapeutas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Ronaldo Freitas de Oliveira

    Full Text Available Resumo A participação dos pais na psicoterapia de crianças é um tema controverso na literatura. Há autores a favor de uma abordagem mais intervencionista em relação aos pais e outros que circunscrevem seu papel à manutenção do tratamento e provimento de informações sobre a criança. O objetivo deste estudo exploratório, de levantamento, transversal, foi identificar experiências de psicoterapeutas de crianças brasileiros quanto às formas de inclusão dos pais no tratamento. Participaram 76 psicólogos, que responderam a um questionário on-line e as análises contemplaram estatística descritiva e análise de conteúdo. De acordo com os resultados, os respondentes foram predominantemente mulheres (89,5%, residentes na Região Sul (86,8%, entre 26 e 35 anos (53,9% e com até três anos de experiência clínica (43,4%. De maneira geral, os participantes incluem os pais na psicoterapia (76,3%; em entrevistas específicas (90,8%; coleta de informações (88,2%, para aconselhamento/orientação (72,4%; e para fortalecer a aliança terapêutica (61,8%. Riscos e benefícios da participação dos pais foram reportados e constituíram seis categorias: a criança como sintoma dos conflitos familiares; resistência dos pais à psicoterapia e às mudanças; cumprimento do contrato pelos pais; aliança terapêutica; compreensão da dinâmica familiar e dos sintomas da criança; e fortalecimento dos vínculos pais-filhos. Conclui-se que há tendência de inclusão dos pais, por parte dos psicoterapeutas, no processo de psicoterapia de crianças.

  11. Riscos para o excesso de peso entre adolescentes de diferentes classes socioeconômicas Risk of overweight in adolescents from different socioeconomic levels

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rômulo Araújo Fernandes

    2008-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a associação entre fatores de risco e a presença do excesso de peso entre adolescentes de diferentes classes socioeconômicas. MÉTODOS: Análise transversal, da qual participaram 888 jovens de ambos os sexos e com idade variando entre 11 e 17 anos. O índice de massa corporal foi calculado por meio dos valores de massa corporal e estatura, e utilizado como indicador do excesso de peso. A atividade física, a ingestão alimentar e a classe socioeconômica (alta e baixa foram analisadas mediante a aplicação de questionários. Os dados foram analisados estatiscamente por meio dos testes Qui quadrado e regressão logística binária. RESULTADOS: Para os adolescentes de classe socioeconômica baixa, uma inadequada ingestão alimentar (Razão de chance [RC]= 4,59 e o sobrepeso dos pais (RC= 5,33 foram associados à presença do excesso de peso. Entre os adolescentes de classe socioeconômica alta, a escolaridade materna (RC= 0,57, estudar em escola privada (RC= 3,04 e o sobrepeso dos pais (RC= 3,47 foram associados à presença do excesso de peso. CONCLUSÃO: Em ambas as classes socioeconômicas, o sobrepeso dos pais foi um importante fator de risco associado ao excesso de peso. Os outros fatores de risco diferiram entre as classes socioeconômicas.BACKGROUND: To analyze the association between risk factors and presence of overweight in adolescents from different socioeconomic levels. METHODS: A cross-section analysis with 888 youths recruited from both genders with ages ranging from 11 to 17 years was carried out. The body mass index was calculated through body mass and height values, and was used as the overweight indicator. Physical activity, food intake, and socioeconomic levels (high and low were obtained by questionnaires. Data were analyzed by chi-square test and binary logistic regression. RESULTS: For adolescents in the lower socioeconomic level, both inadequate food intake (Odds Ratio [OR]= 4.59 and parent overweight

  12. Estudo sobre os riscos da profissão de estivador do Porto do Mucuripe em Fortaleza Occupational risks among dock workers in the Port of Mucuripe, Fortaleza, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco Fábio Gadelha Cavalcante

    2005-12-01

    Full Text Available Os estivadores do Porto do Mucuripe são trabalhadores sem vínculo empregatício com a Companhia Docas do Ceará. Atuam no convés e no porão dos navios, fazendo o embarque, o desembarque e a organização dos contêineres. Neste ambiente de constante exposição a riscos, o médico do trabalho é fundamental na organização de planos de prevenção de acidentes, de educação dos trabalhadores e de monitorização dos riscos. O objetivo do artigo é caracterizar e conhecer o estivador, correlacionar o ambiente portuário e o seu processo produtivo com os fatores de risco e os agravos associados, bem como ressaltar a importância da medicina do trabalho para o controle de tais riscos. O trabalho de campo foi desenvolvido nos meses de janeiro e de fevereiro de 2003, com a aplicação de 60 questionários aos estivadores. A análise dos dados evidencia que os principais problemas de saúde inerentes à profissão de estivador são, entre outros, os distúrbios osteoarticulares (hérnia de disco e desgastes na articulação do joelho e metabólicos (diabetes e hipertensão arterial. Estes se devem não só ao trabalho, mas também e, com grande influência, ao contexto de vida destes profissionais.The stevedores of the Port of Mucuripe are workers without employment bond with the Company Dock of Ceará. They act in the deck and the stowage of the ships, making the embarkment, the landing and the organization of containers. In this environment of constant exposition to risks, occupational physician is basic in the organization of plans of prevention of accidents, education of the workers and monitorization of the risks. The objective of this article is to characterize and to know the stevedore’s job, to correlate the port environment and its productive process with the factors of risk and the damages associates, as well as standing out the importance of the Occupational Medicine for the control of such risks. The fieldwork was developed in the

  13. A melanoma risk score in a Brazilian population Um escore de risco para melanoma em uma população brasileira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lucio Bakos

    2013-04-01

    Full Text Available BACKGROUND: Important risk factors for cutaneous melanoma (CM are recognized, but standardized scores for individual assessment must still be developed. OBJECTIVES: The objective of this study was to develop a risk score of CM for a Brazilian sample. METHODS: To verify the estimates of the main risk factors for melanoma, derived from a meta-analysis (Italian-based study, and externally validate them in a population in southern Brazil by means of a case-control study. A total of 117 individuals were evaluated. Different models were constructed combining the summary coefficients of different risk factors, derived from the meta-analysis, multiplied by the corresponding category of each variable for each participant according to a mathematical expression. RESULTS: the variable that best predicted the risk of CM in the studied population was hair color (AUC: 0.71; 95% CI: 0.62-0.79. Other important factors were freckles, sunburn episodes, and skin and eye color. Consideration of other variables such as common nevi, elastosis, family history, and premalignant lesions did not improve the predictive ability of the models. CONCLUSION: The discriminating capacity of the proposed model proved to be superior or comparable to that of previous risk models proposed for CM. FUNDAMENTOS: importantes fatores de risco para melanoma cutâneo são reconhecidos, mas escores padronizados para avaliação individual ainda precisam ser elaborados. OBJETIVOS: o objetivo deste estudo foi desenvolver um escore de risco de melanoma cutâneo para uma amostra brasileira. MÉTODOS: verificar as estimativas dos principais fatores de risco para melanoma, derivado de uma meta-análise (estudo de base italiano e, externamente, validar em uma população do sul do Brasil por um estudo caso-controle. Um total de 117 indivíduos foram avaliados. RESULTADOS: a variável com maior poder preditivo para o risco de melanoma cutâneo na população estudada foi a cor do cabelo (AUC: 0

  14. ANÁLISE GEOGRÁFICA DE ÁREAS DE RISCO DE MOVIMENTO DE MASSA NA REGIÃO METROPOLITANA DE PORTO, PORTUGAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis Eduardo de Souza Robaina

    2011-12-01

    Full Text Available Este trabalho estabelece uma discussão de áreas sujeitas a risco de acidentes desencadeados por movimentos de massa na Serra do Pilar, em Vila Nova de Gaia, Porto, Portugal. O mapa base para a análise foi a planta topográfica de Vila Nova de Gaia, em escala de 1:2000 e as imagens disponíveis no software Google Earth. As análises foram realizadas por meio de trabalhos de campo, em que foram percorridas as vias de acesso da comunidade e descritas as características das habitações (material construtivo, acabamento, tamanho e obras de contenção e as feições do terreno que indicam susceptibilidade a movimentos de massa. Para determinar a localização das observações de campo e das moradias em situação de risco utilizou-se um receptor do Global Positioning System (GPS. Para o georreferenciamento e edição vetorial da planta topográfica e imagens utilizou-se o SPRING 4.2. Na elaboração do Modelo Digital do Terreno (MDT foi utilizado o aplicativo Surfer 8.0. A edição final dos mapas foi realizada no programa gráfico Corel Draw. As habitações são constituídas de alvenaria com variado nível de acabamento. Ocorrem duas situações em termos de susceptibilidade a movimentos de massa: uma porção onde ocorre a exposição de rochas em declives muito acentuados e outra porção onde ocorre uma concentração do fluxo da água com desenvolvimento de um solo/alterito que permite a fixação de vegetação. Verifica-se pelo menos seis patamares de corte na frente e atrás das moradias. Estes cortes juntamente com o acúmulo de água pluvial e de esgoto, a presença de entulhos, muros e pequenas construções podem se constituir em indutores da ocorrência de processos na vertente. As situações mais graves ocorrem onde o adensamento das ocupações é maior, na porção Centro-Leste. Para a redução dos riscos é necessário a execução de um plano de intervenções estruturais voltado para a redução ou a erradicação dos

  15. IMPLANTAÇÃO DA AUDITORIA BASEADA EM RISCO EM UMA ENTIDADE DO "SISTEMA S": O CASO DO SEBRAE/CE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ruth Carvalho de Santana Pinho

    2015-12-01

    Full Text Available Com a crescente complexidade dos negócios, muitas entidades viram a necessidade de um controle maior sobre o risco para que seus objetivos pudessem ser atingidos. O presente trabalho discorre sobre a Auditoria Baseada em Risco (ABR, evidenciando suas principais características. O estudo apresenta-se relevante tanto para o meio empresarial, evidenciando as etapas de implantação dessa metodologia, como para o meio acadêmico, que possui poucos estudos relacionados ao tema, conforme observações empíricas. Assim, coube como pergunta de pesquisa: Quais fatores contribuem para a adequada implantação de uma Auditoria Baseada em Risco? Tem-se como objetivo geral deste estudo, identificar os fatores de sucesso na implantação da Auditoria Baseada em Risco (ABR. Escolheu-se como procedimento de pesquisa o estudo de caso. Os dados foram obtidos por intermédio da documentação oficial de implantação da ABR na entidade a qual descreve todas as etapas de implantação, além de aplicação de entrevista e questionário entre os auditores internos da empresa e gestores das áreas de Licitação, Contabilidade e Jurídico Concluiu-se que a ABR é uma ferramenta importante para empresas que desejam avaliação independente para a Gestão de Riscos, sendo necessário um plano bem estruturado de implantação para êxito desta. Destarte, uma Auditoria Interna Tradicional bem desenvolvida, ou seja, que mantém um controle interno eficaz, se torna uma característica facilitadora para a mudança de escopo, pois para a correta implantação da ABR é necessário um ambiente de gestão robusto e o efetivo envolvimento da equipe de auditoria.

  16. Percepção de risco como estratégia de convívio comensal com jovens órfãos pelo HIV/AIDS em São Paulo, SP, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sueli Aparecida Moreira

    2017-05-01

    Full Text Available No contexto do HIV/AIDS, estratégias comensais são acordadas pelas famílias para reduzir riscos. Com o objetivo de identificar percepções de risco nos convívios comensais desenvolveu-se estudo qualitativo com jovens órfãos pela AIDS. Os dados foram obtidos durante entrevista com questões sobre o cotidiano. Utilizou-se a proposta de Wright Mills do artesanato intelectual, na qual os sujeitos são considerados atores históricos e sociais. As estratégias mediante a percepção de risco ao HIV/AIDS foram consideradas acordos pactuados pela família para assegurar a interação social. Foi possível observar que as estratégias incluem a restrição do toque e do contato corporal; separação de utensílios e inutilização da comida tocada por soropositivos. A percepção de risco pode ser decorrente da inconstância dos achados científicos e de crenças que reforçam o processo de estigma e discriminação.

  17. Web 2.0 e EAD: riscos e possibilidades

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Richard Romancini

    2010-06-01

    Full Text Available O artigo evidencia o crescimento das possibilidades de uso de tecnologias digitais associadas à chamada “web 2.0”, entre os usuários da internet. Discute a relação desse contexto com a educação mediada por tecnologias, em particular a Educação a Distância (EAD, notando que existe o paradoxal risco de que a utilização desses novos recursos reforce paradigmas educativos informacionais/reprodutivistas. Entretanto, argumenta-se que o uso reflexivo das possibilidades que surgiram no mundo digital pode favorecer a construção de espaços de diálogos na educação on-line, dando um sentido mais comunicativo/construtivista a processos de educação virtual. Por fim, nota-se que, para este cenário mais positivo, é necessário, também, que haja o desenvolvimento de competências por parte dos participantes (professores e estudantes das ações educativas no âmbito digital.

  18. Percepção de exposição a cargas de trabalho e riscos de acidentes em Pelotas, RS (Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosângela C. Lima

    1999-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Investigar a associação entre a percepção de exposição às cargas de trabalho e o risco de acidentes. MÉTODOS: O delineamento do estudo foi o tipo de casos e controles. Os casos (n=264 incluíram os acidentes de trabalho típicos notificados no Instituto Nacional de Seguridade Social, de Pelotas, RS (Brasil, de janeiro a julho de 1996. Foram excluídos os óbitos (dois, os acidentes ocorridos na zona rural, e os que afastaram o trabalhador de suas atividades por menos de sete dias. Para cada caso foram selecionados três tipos de controles: um trabalhador da mesma empresa, um vizinho e um controle populacional. Os controles foram emparelhados com os casos por idade e sexo e precisavam ter vínculo empregatício formal e não ter sofrido acidente no último mês. Os dados foram analisados usando regressão logística condicional. RESULTADOS E CONCLUSÕES: Os trabalhadores que relatavam enfrentar situações de emergência, o trabalho em altura, perigo constante, ou ambientes ruidosos tinham cerca de duas vezes mais risco de acidentar-se. O trabalho em posições incômodas ou com esforço físico intenso aumentaram em 50% o risco de acidentes. As demais cargas de trabalho estudadas não se constituíram como fatores de risco para os acidentes. Os resultados foram ajustados para fatores de confusão.

  19. Risco para transtornos alimentares em escolares de Salvador, Bahia, e a dimensão raça/cor

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Liliane de Jesus Bittencourt

    2013-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estimar a existência de fatores de risco associados aos transtornos alimentares em escolares da cidade de Salvador, Bahia, por meio da dimensão étnico-racial como fator de heterogeneidade. MÉTODOS: Os participantes da pesquisa são escolares do sexo feminino, na faixa etária entre 15 e 30 anos, residentes na cidade de Salvador, no Estado da Bahia. Foram investigadas 626 estudantes, selecionadas em instituições públicas e privadas de ensino médio e universitário. Utilizaram-se o Eating Atittude Test-26, o Body Shape Questionnaire e o Beck Depression Inventory como instrumentos de identificação de risco para os transtornos alimentares. A classificação étnico-racial se deu por autodeclaração, de acordo com as categorias do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Foram realizadas análises descritivas, bivariadas (χ2 de Pearson e regressão logística multivariada para análise dos dados. RESULTADOS: As estudantes que se identificaram como amarelas ou indígenas têm 3,6 vezes mais chances de desenvolverem comportamentos alimentares desordenados e 4,8 vezes mais possibilidade de estarem insatisfeitas com sua imagem corporal. As pardas apresentam 2,5 vezes mais risco para essa insatisfação. A depressão é uma comorbidade que deve ser considerada, apesar de não estar associada significativamente à raça/cor. CONCLUSÃO: As mulheres não brancas em Salvador apresentam risco de desenvolver transtornos alimentares. Outros estudos que combinam métodos quantitativos e qualitativos podem permitir uma análise mais robusta quanto à relação entre transtornos alimentares e raça/cor e etnia.

  20. Fatores de risco ambientais para o câncer gástrico: a visão do toxicologista

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Regina Gomes-Carneiro

    1997-01-01

    Full Text Available A carcinogênese é um processo altamente complexo do qual participam fatores de risco herdados e fatores de risco ambientais, tais como a alimentação, o hábito de fumar, a ocupação, e a exposição a radiação e a agentes químicos. A toxicologia experimental identifica as substâncias químicas potencialmente carcinogênicas e torna possível medidas regulatórias que objetivam reduzir a exposição humana a elas. A carcinogênese pode ser vista como consistindo de três seqüências distintas: a iniciação, a promoção e a progressão. A conversão neoplásica (iniciação ocorre quando um evento genético (mutações, rearranjos cromossômicos, inserções ou deleções de genes e amplificação de genes resulta em ativação de oncogenes e/ou em falta de expressão - ou inativação de produtos - de genes supressores de tumores. A promoção envolve a expansão clonal das células "iniciadas" e exige a proliferação celular. Estratégias efetivas para reduzir os riscos de câncer gástrico e os riscos de neoplasias de outras localizações devem incluir o controle de carcinógenos conhecidos, assim como a quimioprevenção, por meio de intervenções racionais no processo carcinogênico. Neste sentido, o desafio a ser enfrentado pelo toxicologista envolve o desenvolvimento de ensaios preditivos melhores e mais baratos e a elucidação dos mecanismos subjacentes à carcinogênese química.

  1. Doenças hereditárias, aconselhamento genético e redes familiares e sociais: da ética intergeracional ao papel dos mais velhos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Álvaro Mendes

    2012-11-01

    Full Text Available Este artigo de revisão da literatura centra tópicos relevantes na investigação e intervenção em redes familiares e sociais no âmbito do aconselhamento genético. Foca o papel dos familiares mais idosos na gestão psicossocial do risco genético a doenças hereditárias (particularmente, cancros hereditários e suas implicações no aconselhamento genético, nomeadamente apoio social e comunicação intrafamiliar sobre o risco genético.

  2. Drogas em áreas de risco: o que dizem os jovens Drugs in risk areas: what young people say

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anacely Guimarães Costa

    2012-06-01

    Full Text Available A pesquisa teve como ponto de partida um planejamento comunitário para discussão da situação de saúde de uma das principais áreas de risco de Fortaleza-Ceará, no qual o tema das drogas ganhou destaque. Pretendeu-se entrar em contato com o que os adolescentes da área percebiam como fatores de risco e de proteção para consumo de drogas em sua comunidade. Trata-se de um estudo qualitativo em que foi usado o grupo focal como técnica para obtenção de informações. O tratamento dos dados foi o de sistematizar temas comuns, dividindo-os em duas categorias de análise: fatores de risco e de proteção para o envolvimento com drogas. Nas falas dos adolescentes, percebeu-se que coexistem múltiplos fatores que se relacionam, ora aparecendo como aspectos de influência, ora como protetores, entre eles: família, grupo social, escola, vida em área de risco e mídia. Por outro lado, as redes sociais de apoio apareceram essencialmente como protetoras. Também percebeu-se que alguns assuntos foram levantados de forma transversal aos temas centrais, como as perspectivas de vida desses jovens e a necessidade de políticas públicas, importantes no apoio às redes sociais, à família e na atuação em áreas de risco. Assim, o que se põe em questão é a impossibilidade de consenso sobre os fatores exclusivos de risco ou de proteção. A partir disso, destaca-se a importância de potencializar a discussão e provocar reflexões a respeito da possibilidade de modos de vida fora do circuito das drogas.The research has as starting point a community planning to discuss the health status of one of the key risk areas of Fortaleza, Ceará state, in which the theme of drugs was highlighted. It was intended to get in touch with what young people perceive as factors of risk and protection for drug abuse in their community. It is a qualitative study in which the focus group was used as technique for obtaining information. Data processing systematized common

  3. Técnicas de Big Data e Projeção de Risco de Mercado utilizando Dados em Alta Frequência

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alcides Carlos Araújo

    2016-12-01

    Full Text Available De acordo com White (2012, o mundo passa por um período denominado de “Era dos Dados”, em que o “universo digital” poderá ter um tamanho de 44 zetabytes em 2020. Um dos fatores para o crescimento do número de dados são as operações em alta frequência em bolsas de valores, estas cresceram significativamente nos últimos anos. Neste contexto, torna-se difícil mensurar a volatilidade durante o dia devido à quantidade de negociações em tempo real. Neste caso, deve-se calcular adequadamente as medidas de volatilidade para que realmente o risco seja percebido pelo operador. O objetivo deste artigo é apresentar uma metodologia para obter a volatilidade futura a partir da extração dos dados e do cálculo da volatilidade por meio de técnicas de Big Data. Para atender o objetivo foram analisadas todas as ações existentes no banco de dados da BOVESPA. Neste artigo, foram selecionadas as 10 ações mais negociadas no período entre os anos de 2012 a 2014 para apresentação dos resultados. Na primeira fase, desenvolveram-se as funções para tratamento dos dados e estimação das medidas de risco utilizando-se da linguagem de programação Python. Na segunda fase utilizou-se o Apache Hadoop e o MapReduce (com o Hadoop Streaming para o cálculo distribuído da estimação do modelo de volatilidade. Para estimar a Volatilidade Percebida foram utilizadas séries de preços ponderados pelo volume no intervalo de 5 minutos. Como método de projeção foi utilizado o modelo HAR-RV, proposto em Corsi (2003. Como resultados, foram desenvolvidas implementações em Python para estimação da Volatilidade Percebida e implementações em Apache Hadoop e MapReduce (com o Hadoop Streaming para projeção da Volatilidade. Os resultados das estimativas e projeções ocorreram conforme esperado pela literatura.

  4. O sentido do risco The meaning of risk

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Salvatore La Mendola

    2005-11-01

    Full Text Available O risco é um tema central da cultura da modernidade. A cultura dominante na modernidade tem a pretensão de afirmar como universal a idéia de que o perigo deve ser enfrentado segundo os princípios do racionalismo individualista e utilitarista, que devem guiar o agente que assume a responsabilidade pelo risco. O risco adquire forma e relevância particulares para a fase juvenil na medida em que representa um processo de construção, experimentação e afirmação da própria identidade. Um processo cada vez mais fragmentado e ambíguo que, atualmente, realiza-se por meio de um alongamento da transição à vida adulta no âmbito de uma dinâmica geral de desinstitucionalização do curso da vida. Está em jogo aqui outro impulso típico da modernidade: o da reflexividade que, como sugere Giddens, é o desafio crucial da fase radical da modernidade. Podemos reconhecer nas ações dos jovens, em particular precisamente naquelas de tipo arriscado, a realização do imperativo de duvidar: por meio de seu agir, cancelam a suspensão da dúvida e realizam uma forma pragmática de reflexividade. A modernidade radical encontra-se diante de desafios. Tem, antes de tudo, a necessidade de identificar palcos para a construção e a experimentação pragmática de dinâmicas de confiança. Deve, além disso, mostrar-se capaz de consentir no aumento do poder decisório dos sujeitos, inscrevendo o emprego de tais poderes em vínculos sociais que, além de demonstrarem-se efetivamente eficazes e não ambivalentes, consigam, ao mesmo tempo, levar em conta tanto a dimensão emocional como as necessidades de confiabilidade relacional das pessoas envolvidas.The risk is a central theme of the culture in modernity. The dominant culture in modernity has the pretension of affirming as universal the idea that dangers should be faced according to the principles of individualistic rationalism and utilitarianism that should guide the agent that takes the responsibility

  5. Levantamento dos riscos existentes à segurança e à saúde do trabalhador na pós-colheita de café (Coffea arabica conforme as exigências das normas regulamentadoras Survey of the existing risks to the security and health of the worker in the after harvesting of the coffee plant (Coffea arabica by according to the requirements of regulatory norms

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cinara da Cunha Siqueira Carvalho

    2008-04-01

    Full Text Available A segurança no trabalho é um tema que vem chamando muito a atenção do setor agrícola, devido à sua importância como um dos itens considerados para a aquisição da certificação, que agrega valor ao café e conseqüentemente, melhora o preço para o produtor. Considerando a existência dos riscos em todas as atividades e a falta de percepção por parte do empregador e do trabalhador no processo de pós-colheita do café, bem como a falta de conformidade das propriedades quanto à aplicação das normas regulamentadoras do Ministério do Trabalho e do Emprego (M.T.E, o objetivo deste trabalho foi diagnosticar os riscos envolvidos em cada uma das etapas da pós-colheita do café e sua percepção por parte dos trabalhadores e proprietários. Além disso, precisamos verificar se unidades de processamento de café estão em conformidade com as normas regulamentoras, a fim de determinar os pontos de risco que levem os órgãos governamentais a auxiliar os produtores na modificação do processo para possibilitar a exportação do café. O trabalho foi realizado a partir da aplicação de questionário em trinta propriedades localizadas em três associações rurais do município de São Sebastião do Paraíso - MG, definidas por sorteio. A análise dos questionários mostrou que, somente 23% das pessoas entrevistadas possuíam percepção dos riscos existentes nas propriedades e somente 3% delas estavam dentro dos padrões de conformidade com as NR's. Esses dados estão relacionados ao baixo nível tecnológico, à falta de treinamento dos funcionários e às dificuldades de acesso à informação por parte dos produtores.The security in the work is a subject that has calling the attention of the agricultural sector, due to its importance as one of itens considered for the acquisition of the certification, which aggregates value to the coffee plant and consequently improves the price for the producer. Considering the existence of the risks

  6. Risco de câncer de pulmão, laringe e esôfago atribuível ao fumo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana MB Menezes

    2002-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Os tipos de câncer de pulmão, laringe e esôfago têm como um de seus principais fatores de risco o fumo. O objetivo do estudo foi avaliar o risco populacional atribuível ao fumo nesses tipos de câncer. MÉTODOS: A pesquisa baseou-se em três estudos de caso-controle em cidade de médio porte do Brasil. Analisaram-se casos incidentes hospitalares de câncer de pulmão, de laringe e de esôfago diagnosticados por biópsias; os controles foram pacientes hospitalizados por outros motivos, sem ser câncer ou doenças altamente relacionadas ao fumo. O fator de exposição foi o tabagismo medido em três níveis: não-fumantes, ex-fumantes e fumantes atuais, definidos por meio de questionários aplicados por entrevistadores treinados. Para a medida de efeito, foi utilizado o odds ratio obtendo-se, dessa forma, o "risco populacional atribuível" ao fumo com IC de 95%. RESULTADOS: Foram estudados 122 casos e 244 controles de câncer de pulmão, 50 casos de câncer de laringe e 48 casos de câncer de esôfago, com um grupo de 96 controles comum a ambos. A prevalência da exposição ao fumo utilizada para a análise foi de 34%, que corresponde à prevalência de fumo na população adulta da cidade. Os odds ratios para o cálculo do risco populacional atribuível foram obtidos por análises ajustadas para os fatores de confusão de cada um dos estudos. Para ex-fumantes com câncer de pulmão, o risco populacional atribuível foi de 63% (IC95%, 0,58-0,68 e, para fumantes, de 71% (IC95%, 0,65-0,77. Para câncer de laringe, o RPA foi de 74% (IC95%, 0,70-0,78 para ex-fumantes e de 86% (IC95%, 0,81-0,85 para fumantes. O câncer de esôfago mostrou um risco de 54% (IC95%, 0,46-0,62 para fumantes. CONCLUSÃO: Conclui-se que o fumo é um importante fator de risco e que a cessação do mesmo contribuiria para reduções significativas na incidência de câncer nesses três sítios.

  7. Risco de câncer de pulmão, laringe e esôfago atribuível ao fumo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Menezes Ana MB

    2002-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Os tipos de câncer de pulmão, laringe e esôfago têm como um de seus principais fatores de risco o fumo. O objetivo do estudo foi avaliar o risco populacional atribuível ao fumo nesses tipos de câncer. MÉTODOS: A pesquisa baseou-se em três estudos de caso-controle em cidade de médio porte do Brasil. Analisaram-se casos incidentes hospitalares de câncer de pulmão, de laringe e de esôfago diagnosticados por biópsias; os controles foram pacientes hospitalizados por outros motivos, sem ser câncer ou doenças altamente relacionadas ao fumo. O fator de exposição foi o tabagismo medido em três níveis: não-fumantes, ex-fumantes e fumantes atuais, definidos por meio de questionários aplicados por entrevistadores treinados. Para a medida de efeito, foi utilizado o odds ratio obtendo-se, dessa forma, o "risco populacional atribuível" ao fumo com IC de 95%. RESULTADOS: Foram estudados 122 casos e 244 controles de câncer de pulmão, 50 casos de câncer de laringe e 48 casos de câncer de esôfago, com um grupo de 96 controles comum a ambos. A prevalência da exposição ao fumo utilizada para a análise foi de 34%, que corresponde à prevalência de fumo na população adulta da cidade. Os odds ratios para o cálculo do risco populacional atribuível foram obtidos por análises ajustadas para os fatores de confusão de cada um dos estudos. Para ex-fumantes com câncer de pulmão, o risco populacional atribuível foi de 63% (IC95%, 0,58-0,68 e, para fumantes, de 71% (IC95%, 0,65-0,77. Para câncer de laringe, o RPA foi de 74% (IC95%, 0,70-0,78 para ex-fumantes e de 86% (IC95%, 0,81-0,85 para fumantes. O câncer de esôfago mostrou um risco de 54% (IC95%, 0,46-0,62 para fumantes. CONCLUSÃO: Conclui-se que o fumo é um importante fator de risco e que a cessação do mesmo contribuiria para reduções significativas na incidência de câncer nesses três sítios.

  8. Variáveis pessoais e contextuais associadas a comportamentos de risco em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jana Gonçalves Zappe

    2016-03-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo Este estudo investigou o engajamento de adolescentes brasileiros em comportamentos de risco (uso de substâncias, comportamento sexual de risco, comportamento antissocial e comportamento suicida, buscando identificar os fatores de risco e proteção pessoais e contextuais mais associados com esses comportamentos. Métodos Participaram 1.332 adolescentes de 12 a 19 anos (M = 15,68; DP = 1,60, de ambos os sexos. Resultados O engajamento em comportamentos de risco variou em função da idade e do sexo, e o uso de substâncias foi o tipo de comportamento de risco mais prevalente entre os que foram investigados. Os fatores significativamente associados à adoção desses comportamentos foram violência intra- e extrafamiliar, ter amigos próximos ou familiares que usam drogas, eventos estressores e elevado nível de autoeficácia; enquanto os fatores que se mostraram protetores foram elevado nível de autoestima, expectativas positivas quanto ao futuro e percepção de positividade nas relações com família, escola, religião e comunidade. Conclusão O estudo permitiu identificar algumas características da manifestação de comportamentos de risco na adolescência, com destaque para a prevalência mais alta do uso de substâncias e a coocorrência de diferentes tipos de comportamentos de risco. Dentre os fatores de risco mais associados com o engajamento em comportamentos de risco, destacaram-se a presença de eventos estressores ao longo da vida e a proximidade com amigos que usam drogas. A partir disso, sugere-se investir na minimização de fatores de risco e na potencialização de fatores protetivos para a promoção do desenvolvimento saudável durante a adolescência.

  9. Soroprevalência e fatores de risco para sífilis em população carcerária de Goiás

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Lúcia Sampaio Sgambatti de Andrade

    1989-06-01

    Full Text Available Com o objetivo de dimensionar a prevalência da infecção pelo Treponema pallidum e determinar fatores de risco relacionados a soropositividade foram rastreados 299 presidiários no Centro Penitenciário de Atividades Industriais de Goiás (CEPAI-GO, 20 Km de Goiânia. O rastreamento sorológico foi realizado utilizando-se como critério de positividade, qualquer resultado sororeagente ao VDRL independentemente do título. Através de um questionário padronizado foram avaliados os seguintes fatores de risco: tempo de encarceramento, sinais e sintomas relativos às principais doenças sexualmente transmissíveis (DST, história de sífilis ou outras DST e práticas sexuais (homo/bissexualismo e número de parceiros. Foram calculados o valor preditivo positivo (VPP e negativo (VPN da história pregressa de sífilis obtida na anamnese. Uma soroprevalência global de 18,4% foi obtida, não havendo diferença entre as faixas etárias. O VPP do antecedente de sífilis foi de 26% significando que 74% dos indivíduos que referiram sífilis no passado não tiveram confirmação pelo VDRL. Entre os fatores de risco testados, a bissexualidade foi o único que apresentou associação estatisticamente significante com soropositividade (risco relativo 5,8 - LC 95% 1,2-16,0 p= 0,03. Foram discutidas as dificuldades metodológicas que poderiam ter influenciado nos resultados.

  10. Fatores de risco cardiovascular e consumo alimentar em cadetes da Academia da Força Aérea Brasileira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Elisabete Hilgenberg

    2016-04-01

    Full Text Available Resumo O objetivo deste artigo é investigar a prevalência de fatores de risco cardiovascular e inadequações de consumo alimentar em cadetes da Academia da Força Aérea Brasileira e a associação com sexo e ano de formação. Estudo transversal com 166 cadetes da Academia da Força Aérea Brasileira, em Pirassununga – SP, entre junho e dezembro de 2013. Foram avaliadas medidas antropométricas, parâmetros bioquímicos e clínicos, nível de atividade física, tabagismo e consumo alimentar. Testes de Qui-Quadrado de Pearson ou Exato de Fisher foram utilizados. A prevalência de excesso de peso (IMC >25,0 kg/m2 foi de 29,7% nos homens e de 16,7% nas mulheres. Hipertensão arterial foi prevalente em 15,2% dos homens. Verificou-se hipercolesterolemia em 50,7% dos cadetes; 24,3% apresentaram valores elevados de lipoproteína de baixa densidade e, 11,2%, lipoproteína de alta densidade baixa. Houve associação entre tempo de permanência na Academia e lipoproteína de alta densidade baixa. Observou-se consumo elevado de gorduras saturadas (87,2% e de colesterol (42,7%. A ingestão inadequada de fibras foi verificada em 92,7% da amostra. Observou-se considerável prevalência de fatores de risco cardiovascular entre os cadetes, principalmente hipercolesterolemia e consumo alimentar inadequado.

  11. Intervenção precoce em escolares de risco para a dislexia: revisão da literatura Early intervention in students at risk for dyslexia: literature review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maíra Anelli Martins

    2011-08-01

    Full Text Available TEMA: intervenção precoce em escolares de risco para a dislexia. OBJETIVO: este estudo tem por objetivo geral mapear os artigos publicados sobre intervenção com escolares de risco para dislexia e, como objetivos específicos, analisar descritivamente aspectos específicos dos textos. CONCLUSÃO: as publicações na área em relação ao tema não são constantes, porém, os artigos científicos analisados evidenciam a preocupação dos pesquisadores em elaborar, desenvolver e validar instrumentos de avaliações e intervenções que contribuam para a identificação precoce da dislexia.BACKGROUND: early intervention in students at risk for dyslexia. PURPOSE: this study aims to map the general articles on intervention with students at risk for dyslexia and specific objectives, descriptively analyzing specific text aspects. CONCLUSION: there are few published data on this issue; however, the reviewed scientific articles highlight the concern of the researchers to elaborate, develop and validate assessments and interventions that contribute to the early identification of dyslexia.

  12. Prevalência e fatores de risco para tabagismo em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maura C Malcon

    2003-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: O tabagismo é uma das principais causas de enfermidades evitáveis e incapacidades prematuras. Nesse sentido, realizou-se estudo com o objetivo de medir a prevalência e estudar fatores de risco associados ao tabagismo nos adolescentes. MÉTODOS: A partir de um delineamento transversal de base populacional, estudou-se uma amostra representativa de 1.187 adolescentes de 10 a 19 anos, da zona urbana de Pelotas, sul do Brasil. Todos os adolescentes da amostra, de cada domicílio, foram entrevistados por meio de questionário pré-codificado, individual e confidencial. Utilizou-se o teste de Kaplan-Meier para análise da curva de sobrevida. RESULTADOS: A prevalência de tabagismo na amostra foi de 12,1% (IC95% 10,3%-14%. As prevalências foram similares para os sexos femininos e masculinos. Os fatores de risco para tabagismo na análise multivariada, por regressão logística, foram: maior idade, odds ratio (OR de 28,7 (11,5-71,4, irmãos mais velhos fumantes, OR de 2,4 (1,5-3,8, três ou mais amigos fumantes, OR de 17,5 (8,8-34,8 e baixa escolaridade OR de 3,5 (1,5-8,0. CONCLUSÕES: A prevalência de tabagismo na adolescência mostrou-se alta, na cidade de Pelotas. Campanhas antitabágicas devem ser direcionadas à comunidade e à família tendo o adolescente como alvo. Medidas legais adotadas pelo governo são importantes para impedir o acesso dos adolescentes ao cigarro.

  13. Prevalência e fatores de risco para tabagismo em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Malcon Maura C

    2003-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: O tabagismo é uma das principais causas de enfermidades evitáveis e incapacidades prematuras. Nesse sentido, realizou-se estudo com o objetivo de medir a prevalência e estudar fatores de risco associados ao tabagismo nos adolescentes. MÉTODOS: A partir de um delineamento transversal de base populacional, estudou-se uma amostra representativa de 1.187 adolescentes de 10 a 19 anos, da zona urbana de Pelotas, sul do Brasil. Todos os adolescentes da amostra, de cada domicílio, foram entrevistados por meio de questionário pré-codificado, individual e confidencial. Utilizou-se o teste de Kaplan-Meier para análise da curva de sobrevida. RESULTADOS: A prevalência de tabagismo na amostra foi de 12,1% (IC95% 10,3%-14%. As prevalências foram similares para os sexos femininos e masculinos. Os fatores de risco para tabagismo na análise multivariada, por regressão logística, foram: maior idade, odds ratio (OR de 28,7 (11,5-71,4, irmãos mais velhos fumantes, OR de 2,4 (1,5-3,8, três ou mais amigos fumantes, OR de 17,5 (8,8-34,8 e baixa escolaridade OR de 3,5 (1,5-8,0. CONCLUSÕES: A prevalência de tabagismo na adolescência mostrou-se alta, na cidade de Pelotas. Campanhas antitabágicas devem ser direcionadas à comunidade e à família tendo o adolescente como alvo. Medidas legais adotadas pelo governo são importantes para impedir o acesso dos adolescentes ao cigarro.

  14. Comportamento dos acadêmicos, docentes e técnicos-administrativos da clínica odontológica da Unioeste: riscos ocupacionais e atividades desenvolvidas - DOI: 10.4025/actascihealthsci.v30i1.587 Behavior of university students, faculty and administrative technicians at the Unioeste dental clinic: occupational risks and performed activities - DOI: 10.4025/actascihealthsci.v30i1.587

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Débora Cristina Ignácio Alves

    2008-07-01

    Full Text Available Os profissionais, usuários e demais envolvidos no atendimento odontológico estão expostos a diversos riscos ocupacionais. A pesquisa teve como objetivos identificar os riscos ocupacionais existentes, os procedimentos realizados, os equipamentos de proteção individual utilizados, os treinamentos recebidos e os acidentes sofridos. A amostra do tipo não probabilística foi composta por 61 acadêmicos, 27 docentes e 12 técnicos-administrativos. Os dados foram coletados através da observação dos atendimentos realizados e um questionário semi-estruturado. Das vinte e oito observações realizadas, a maioria foi na Clinica Integrada do Adulto (53,6%, seguida pela Clínica Integrada Infantil (35,7% e na Dentística (10,7%. Para a totalidade dos docentes e técnicos existem riscos, sendo referidos o biológico e de acidente. A maioria (98,4% dos acadêmicos considera a existência de riscos, contudo 1,6% a negam e 8,2% deles sofreram acidentes. Quanto ao uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPI, 25% dos técnicos-administrativos não têm o hábito de usá-los. Embora os acadêmicos e docentes tenham relatado seu uso como forma de proteção, nem todos citaram a paramentação completa. Assim, o registro de acidentes e a baixa adesão aos EPI´s evidenciou a necessidade de treinamento e conscientização dos envolvidos.Professionals, users and other people involved in the dental treatment services are exposed to several kinds of risks occupational. A research was carried out aiming at identifying the existence of risks occupational, the proceedings performed, the protection equipment used in the treatments, the training received and the accidents suffered. The sample of the type not probabilística was composed of 61 university students, 27 professors and 12 administrative technicians. The data collecting was carried out in two stages: the observation of the treatments done and a semi-structured questionnaire. Most of the twenty

  15. Fatores de risco cardiovasculares em adolescentes: indicadores biológicos e comportamentais Cardiovascular risk factors in adolescents: biological and behavioral indicators

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dartagnan Pinto Guedes

    2006-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Oferecer informações descritivas e investigar a extensão com que os fatores de risco para doenças cardiovasculares de natureza comportamental estão associados aos fatores de risco biológicos na população jovem. MÉTODOS: Amostra de 452 adolescentes (246 moças e 206 rapazes com idades entre 15 e 18 anos, selecionados de uma escola de ensino médio da cidade de Londrina, Paraná. Fatores de risco de natureza comportamental foram analisados mediante prática insuficiente de atividade física, ingestão excessiva de gorduras e de colesterol e uso de tabaco. Como indicadores dos fatores de risco biológicos recorreu-se ao sobrepeso, aos níveis elevados de pressão arterial e concentrações não-favoráveis de lipídios-lipoproteínas plasmáticas. RESULTADOS: Por volta de 20% das moças e 16% dos rapazes apresentaram pelo menos um fator de risco biológico para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares. O sobrepeso se associou significativamente com a ingestão excessiva de gorduras, enquanto a pressão arterial elevada se relacionou com o estilo de vida sedentário e o uso de tabaco. A excessiva ingestão de gorduras e de colesterol indicou risco aumentado de concentrações indesejáveis de lipídios-lipoproteínas plasmáticas. Adolescentes fumantes tenderam a demonstrar risco de pressão arterial e de lipídios-lipoproteínas plasmáticas alterados duas vezes maior que não-fumantes. CONCLUSÃO: Os resultados reforçam a necessidade de que intervenções direcionadas à adoção de um estilo de vida saudável, incluindo prática regular de atividade física, padrões dietéticos adequados e abstenção ao uso de tabaco, deverão ser iniciadas em idades jovens.OBJECTIVE: To provide descriptive information and investigate to what extent behavioral risk factors for cardiovascular diseases are associated with biological risk factors in the young population. METHODS: The sample included 452 adolescents (246 girls and 206 boys

  16. Estrutura a termo da taxa de juros e imunização: novas perspectivas na gestão do risco de taxa de juros em fundo de pensão

    OpenAIRE

    Machado,Sérgio Jurandyr; Motta,Luis Felipe Jacques da

    2007-01-01

    O termo imunização denota a construção de uma carteira de títulos de forma a torná-la imune a variações nas taxas de juros. No caso dos fundos de pensão, o objetivo da imunização é distribuir os recebimentos intermediários e finais dos ativos de acordo com a previsão para o fluxo de pagamentos dos benefícios. Nesse sentido, o artigo busca comparar o desempenho de duas alternativas de imunização ao método tradicional que restringe o gerenciamento do risco de taxa de juros à compatibilização da...

  17. Toxicidade aguda e risco ambiental do antibiótico oxitetraciclina para tilápia ( Oreochromis niloticus , Daphnia magna e Lemna minor

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.A. Machado

    Full Text Available RESUMO O objetivo deste estudo foi classificar o antibiótico Terramicina(r de acordo com a toxicidade aguda e o risco de intoxicação ambiental para Oreochromis niloticus, Daphnia magna e Lemna minor, com base no seu ingrediente ativo oxitetraciclina (OTC. Além disso, observou-se a ocorrência de sinais de intoxicação aguda em peixes e o efeito da diluição do antibiótico sobre as variáveis de qualidade de água. Alevinos, neonatos e frondes foram expostos a concentrações de OTC. De acordo com os resultados dos testes de toxicidade aguda, a Terramicina(r foi classificada pela toxicidade aguda e pelo risco de intoxicação ambiental. Para O. niloticus, a CL(I50; 48h calculada foi de 6,92 mg L-1, para D. magna a CE(I50; 48h foi de 0,17mg.L-1, enquanto para L. minor a CI(I50;7d foi de 0,68 mg L-1. A Terramicina(r foi classificada como muito tóxica para O. niloticus e extremamente tóxica para D. magna e L. minor e causa risco de intoxicação ambiental para os três organismos testados. Concentrações de 7,5 e 8,0 mg L-1 de OTC reduziram a concentração de oxigênio dissolvido na água. De acordo com este estudo, a Terramicina(r não deve ser utilizada na aquicultura, pois é altamente tóxica e causa risco de intoxicação ambiental aos organismos teste.

  18. Riscos ocupacionais de uma indústria calçadista sob a ótica dos trabalhadores Riesgos laborales de una industria de calzado en la visión de los trabajadores Occupational risks of a shoe industry from the workers' perspective

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Reinher da Luz

    2013-02-01

    Full Text Available O estudo teve como objetivo identificar os riscos ocupacionais de uma indústria calçadista sob a ótica dos trabalhadores, bem como as medidas preventivas adotadas por eles contra os riscos. Realizou-se um estudo qualitativo, descritivo. A amostra foi composta por quinze trabalhadores. Os dados foram coletados por entrevista semiestruturada e analisados à luz da análise de conteúdo. Foram respeitados os aspectos éticos e a pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul. Os resultados apontam que os trabalhadores são conhecedores dos riscos do seu processo de trabalho, faziam uso de medidas de proteção individual e a empresa disponibilizava dispositivos de segurança, informando e realizando, periodicamente, visitas aos setores, na perspectiva de desenvolver ações educativas.Estudio cualitativo descriptivo, que tuve como objetivo identificar los riesgos laborales de una industria de calzado, así como las medidas preventivas adoptadas frente a los riesgos, en la visión de los trabajadores. La muestra fue compuesta por quince trabajadores y los datos fueran obtenidos por entrevista semi-estructurada y analizados a luz de la analísis de contenido. Los aspectos éticos fueran respetados y la investigación fue aprobada por el Comité de Ética en Pesquisa de la Universidad Regional del Estado de Rio Grande do Sul. Los resultados apuntaran que los trabajadores conocen los riesgos de su proceso de trabajo, hacen uso de medidas de protección personal, y que la empresa proporciona dispositivos de seguridad, informando y realizando visitas periódicas a los sectores con el fin de desarrollar actividades educativas.This is a qualitative and descriptive study, which aimed to identify the occupational risks of a shoe industry, as well as the preventive measures taken against those risks, from the workers' perspective. The sample consisted of fifteen workers. Data

  19. Fatores de risco da transmissão de zoonoses por costumes da população de Ilha Solteira, Brasil

    OpenAIRE

    Sánchez-Ortiz, Iván A; Leite, Maurício A

    2011-01-01

    Objetivo Determinar condições geradoras de possíveis transmissões de zoonoses com base nos costumes dos moradores de Ilha Solteira-São Paulo, para formular recomendações concretas às autoridades correspondentes para reduzir os fatores de risco. Métodos Foram realizadas 100 entrevistas dirigidas no perímetro urbano da cidade de Ilha Solteira no mês de abril de 2008. O público alvo foram pessoas maiores de idade que morassem ou trabalhassem na casa em estudo. Resultados Na pesquisa foram encont...

  20. Aplicabilidade do índice de risco do sistema NNIS na predição da incidência de infecção do sítio cirúrgico (ISC em um hospital universitário no sul do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Freitas P. F.

    2000-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Investigar a aplicabilidade da metodologia do sistema NNIS em um hospital universitário brasileiro, por meio da avaliação do modelo preditivo de ISC que deu origem ao índice de medida de risco intrínseco. CASUÍSTICA E MÉTODO: Foi conduzida uma revisão retrospectiva dos prontuários de 9.322 pacientes submetidos a procedimento cirúrgico no período de janeiro de 1993 a dezembro de 1998. Os dados foram coletados utilizando a opção detalhada do componente de vigilância do paciente cirúrgico do sistema NNIS. Foi calculada a incidência de ISC de acordo com as diferentes categorias individuais dos componentes do índice de risco NNIS (Classe de Ferida, escore ASA e duração da cirurgia. A força da associação entre cada um destes fatores e a ocorrência de ISC foi medida pelo coeficiente Gamma de Goodman-Kruskal (G. RESULTADOS: O escore ASA mostrou-se o melhor preditor de ISC entre os componentes individuais do índice de risco (G=0.49. O índice composto mostrou ser um melhor preditor de ISC do que classe de ferida e teve um poder preditivo semelhante ao do ASA (G=0.50. CONCLUSÕES: O grau de associação entre o índice NNIS e a ocorrência de ISC encontrada no presente estudo está em consonância com os resultados relatados por outros autores e mostrou-se adequado para a avaliação do risco de infecção cirúrgica em nossos pacientes. Amostras utilizando diferentes hospitais com características semelhantes são necessárias para avaliar o risco associado com procedimentos cirúrgicos específicos.

  1. FATORES DE RISCO NA REPETIÇÃO DE GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eulália Maria Chaves-Maia

    2009-01-01

    Full Text Available A fim de traçar o perfil biopsicossocial de adolescentes com repetição de gravidez e seus fatores associados, investigou-se questões socio-demográficas, variáveis biológicas e psicológicas de 50 adolescentes multigestas.Os dados analisados através de estatística descritiva apontam que a maioria das adolescentes não frequentava a escola e vivia em união estável, que 54% não fez uso de métodos contraceptivos na primeira relação sexual e 88% nunca participou dos programas de Planejamento Familiar. Assim, políticas públicas de educação sexual e reprodutiva devem identificar comportamentos sexuais de risco, atuar na construção de valores familiares e no planejamento das gestações.

  2. DIREITO DE EXCEÇÃO: OS RISCOS DE UM MAL NECESSÁRIO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariana Belchior Ribeiro Freire

    2010-08-01

    Full Text Available O presente trabalho tem como escopo analisar o estado de exceção no seu liame entre a manutenção do status quo ante e o salto para a revolução. Sob a óptica dos pensamentos de renomados filósofos (Jean Bodin, Thomas Hobbes, Rosseau, Hans Kelsen e Carl Schmitt, procuramos analisar os benefícios e os riscos da instituição do estado de exceção, tendo em vista que se pode considerar este um mal necessário. O estado de exceção é um avanço nas democracias contemporâneas, como observaremos a sua previsão importa uma segurança à sociedade de que é possível mudar preservando alguns direitos constitucionais.

  3. Avaliação de risco e plasticidade comportamental limitada em girinos de Rhinella ornata (Anura, Bufonidae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renan N. Costa

    2014-06-01

    Full Text Available Os girinos de anuros são elementos importantes das redes tróficas de ambientes aquáticos, sendo recurso alimentar de diversos tipos de predadores. Desta maneira, os girinos apresentam uma grande variedade de mecanismos de defesa que podem ser morfológicos, comportamentais e/ou fisiológicos. A impalatabilidade, produzida pelo acúmulo de substâncias tóxicas na pele, é um mecanismo comum em muitas linhagens de anfíbios. No entanto, alguns predadores não são afetados por estas substâncias tóxicas, o que pode favorecer o desenvolvimento de mecanismos alternativos de defesa contra predação. Neste contexto, nosso objetivo foi avaliar se girinos impalatáveis de Rhinella ornata (Spix, 1824, podem apresentar mecanismos comportamentais de defesa contra predação na presença de predadores que não são afetados pelas substâncias tóxicas em sua pele. Para testar nossa hipótese, utilizamos dois tipos de predadores aquáticos: um heteróptero aquático do gênero Belostoma e uma larva de libélula do gênero Aeshna. Os girinos foram colocados em aquários com pistas visuais e químicas dos predadores (experimento de risco direto, somente pistas químicas (experimento de risco indireto e ausência completa de sinais de predadores (controle. Em ambos os casos, o comportamento de natação foi observado durante 5 minutos. Durante os experimentos não houve alteração no comportamento de natação dos girinos.

  4. A inclusão do escore de risco na tomada de decisão em cardiopatia valvar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Casalino

    2012-06-01

    Full Text Available Fatos clínicos e dados numéricos sustentam interpretações sobre qualidade de vida e sobrevida no portador de cardiopatia valvar. Tais dados são úteis na tomada de decisão sobre interrupção da história natural e substituição por uma história pós-correção hemodinâmica. Competência e expertise interdisciplinar são exigidas para maximizar o resultado necessário e possível. Contudo, o ideal das recomendações para a obtenção do mais alto grau de satisfação terapêutica pelo portador de cardiopatia valvar sofre a influência de um conjunto de variáveis, parte ligadas a especificações do paciente, parte decorrentes de limitações dos métodos. O racional do escore de risco validado para marcadores múltiplos é o acréscimo de acurácia quantitativa à avaliação clínica prognóstica baseada na heterogeneidade da experiência individual e na intuição. Nesse contexto, o uso dos escores de riscos com função de predizer mortalidade pós-operatória são ferramentas úteis, de fácil aplicabilidade e que nos oferece dados objetivos sobre a situação do paciente. Das ferramentas disponíveis (EuroSCORE, STS score e Ambler Score e utilizadas de forma assistencial, nenhuma apresenta validação em nossa população.

  5. Risco de hospitalizações repetidas em idosos usuários de um centro de saúde escola Risk of repeated hospitalizations in elderly users of an academic health center

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Isabel Casale Guerra

    2007-03-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi estratificar 305 idosos com 65 anos ou mais, atendidos em um Centro de Saúde Escola (Botucatu, São Paulo, Brasil, quanto à probabilidade de admissão hospitalar repetida. Os dados foram coletados por meio de um instrumento de avaliação do risco de admissão hospitalar repetida, constituído por oito indicadores de saúde: autopercepção da saúde, hospitalização, consultas médicas, diabetes, doença cardiovascular, sexo, apoio social e idade. Verificou-se que 56,4% dos entrevistados apresentaram baixa probabilidade de admissão hospitalar repetida; 26,9%, média; 10,5%, média-alta; e 6,2%, alta. Na associação dos indicadores de saúde com a probabilidade de admissão hospitalar repetida, observou-se que, para idosos classificados como sendo de riscos médio, médio-alto e alto, em relação àqueles com baixo, os riscos relativos foram significativos: saúde média ou ruim (2,31; hospitalização (2,38; mais de três consultas médicas (1,75; diabetes (2,10; doença cardiovascular (2,76; homens (1,68; e 75 anos ou mais (1,62. Constatou-se que o instrumento utilizado possibilitou a estratificação dos idosos quanto ao risco de serem hospitalizados repetidas vezes, o que pode contribuir para propostas de reorganização dos serviços de saúde.The aim of this study was to stratify 305 elderly (> 65 years treated at an academic health center (Botucatu, São Paulo, Brazil according to risk of repeated hospitalization. Data collection used an instrument to evaluate risk of repeated hospital admissions, including eight health indicators: self-rated health, hospitalizations, doctor visits, diabetes, cardiovascular disease, gender, social support, and age. 56.4% of interviewees presented low probability of repeated hospitalization, as compared to 26.9% medium, 10.5% medium-high, and 6.2% high probability. Combining health indicators with the probability of repeated hospitalization, for elderly classified as

  6. Riscos e controvérsias na construção social do conceito de alimento saudável: o caso da soja

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elaine de Azevedo

    2011-08-01

    Full Text Available Riscos e controvérsias na construção social do conceito de alimento saudável são discutidos, tendo a soja como objeto de estudo. Estudos dos impactos da soja sobre a saúde e da sojicultura sobre o meio socioambiental foram revisados para analisar as controvérsias científicas da pesquisa na área de soja e saúde humana, bem como seu contexto político e as repercussões socioambientais da sojicultura. Com base na Sociologia do Conhecimento Científico e na Sociologia Ambiental, argumenta-se que a fronteira entre o alimento saudável e o de risco é tênue e vulnerável a diferentes influências construídas reflexivamente. Destaca-se a importância de ampliar o conceito de alimento saudável para o de alimentação saudável, considerando sua dimensão cultural e socioambiental.

  7. Onde está o risco? Os seguros no contexto do turismo de aventura Where is the risk? Insurance in the context of adventure tourism

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mary Jane Spink

    2004-08-01

    Full Text Available A indústria de seguros vem respondendo à crescente exposição deliberada ao risco no contexto do turismo de aventura. Os seguros constituem apenas uma das possíveis aplicações de tecnologias do risco, mas têm se tornado um dos elementos centrais nos diferentes tipos de contratos estabelecidos pelas operadoras de turismo. Procuramos, neste artigo, responder à pergunta: de quem é a responsabilidade pelos danos, quando o risco é ativamente procurado como forma de lazer? Abordaremos inicialmente a inserção da proposta de estudo no contexto da literatura sobre risco e aspectos gerais da regulação do turismo de aventura no Brasil. A seguir, por meio de estudo de caso de uma operadora de turismo de aventura, analisaremos como é garantida a segurança do usuário no jogo de relações entre mercado de turismo, seguros e Estado. Concluiremos com breves considerações sobre a partilha dos danos e responsabilidades entre operadoras de seguros e de turismo, Estado e usuários, apontando ainda para possíveis mudanças no cenário atualmente configurado.The insurance industry has been quick to respond to the increase in deliberate exposure to risk in the context of adventure tourism. Although insurance is only one aspect of the possible applications of risk technologies, it has become a central element in the variety of contracts established between tourism operators and clients. This article addresses the question: who has responsibility for damages incurred when risk is actively sought in leisure pursuits? Initially we'll discuss risk-adventure in the context of the literature on risk and the regulation of adventure tourism in Brazil. Based on a case study of a tourism office offering leisure activities in nature, it proceeds with an analysis of how client safety is guaranteed in the network of relationships involving tourism market, insurance industry and State regulation. It concludes with brief considerations about the distribution of

  8. Perfil dos Servidores da UFES com Empréstimo Consignado

    OpenAIRE

    RIBEIRO, A. B.

    2014-01-01

    O crédito consignado é uma modalidade de empréstimo cujo valor da parcela incide sobre o salário do devedor. Com alto índice de adesão nos últimos anos,é o meio de acesso ao crédito mais comum entre os servidores públicos, pelas baixas taxas de juros, entre outros atrativos, o que contribui para expor a risco seus vencimentos com dívidas. Buscando atender ao objetivo principal de identificar se características do perfil demográfico dos servidores ativos da Universidade Federal do Espírito San...

  9. Monitoramento de fatores de risco para doenças crônicas por entrevistas telefônicas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Monteiro Carlos Augusto

    2005-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever métodos e resultados iniciais de sistema de monitoramento de fatores de risco para doenças crônicas não transmissíveis por meio de entrevistas telefônicas. MÉTODOS: Estudou-se amostra probabilística (n=2.122 da população adulta do Município de São Paulo residente em domicílios conectados à rede de telefonia fixa, com amostragem realizada em duas etapas: sorteio de linhas telefônicas e sorteio do morador do domicílio a ser entrevistado. Foi aplicado questionário para investigar características demográficas e socioeconômicas, padrão de alimentação e de atividade física, consumo de cigarros e de bebidas alcoólicas, peso e altura recordados e auto-referência a diagnóstico médico de hipertensão arterial e diabetes, entre outros quesitos. Foram calculadas estimativas sobre a prevalência de fatores de risco selecionados para doenças crônicas não transmissíveis para a população adulta com telefone e para a população adulta total do município. Neste último caso, população total, foram aplicados à amostra fatores de ponderação que levaram em conta diferenças demográficas e socioeconômicas entre a população com telefone e a população total do município. RESULTADOS: Foram observadas diferenças substanciais entre os sexos quanto à freqüência da maioria dos fatores de risco estudados, sendo significativamente mais freqüentes em homens o consumo insuficiente de frutas e hortaliças, o consumo excessivo de bebidas alcoólicas e o excesso de peso; e nas mulheres foram mais freqüentes o sedentarismo e a hipertensão. Possibilidades adicionais de estratificação da prevalência de fatores de risco permitidas pelo sistema de monitoramento foram ilustradas a partir de exemplos abrangendo faixa etária, nível de escolaridade e área de residência na cidade dos entrevistados. CONCLUSÕES: O desempenho do sistema de monitoramento, avaliado a partir da representatividade e confiabilidade

  10. Razões para o não-uso de drogas ilícitas entre jovens em situação de risco

    OpenAIRE

    Sanchez,Zila van der Meer; Oliveira,Lúcio Garcia de; Nappo,Solange Aparecida

    2005-01-01

    OBJETIVO: Embora existam muitos estudos a respeito dos fatores de risco ao uso de drogas, pouco se sabe sobre as razões que mantêm jovens afastados do seu consumo. O objetivo do estudo foi identificar, entre adolescentes de baixo poder aquisitivo, quais os motivos que os impediriam a experimentação e o conseqüente uso de drogas psicotrópicas, mesmo quando submetidos a constante oferta. MÉTODOS: Adotou-se metodologia qualitativa, com amostra intencional selecionada por critérios. Foram entrevi...

  11. Riscos e Retornos da Cafeicultura em Minas Gerais: uma análise de custos e diferenciação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanessa da Fonseca Pereira

    2010-09-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi analisar, comparativamente, o desempenho dos produtores de café do Cerrado mineiro e do sudoeste do estado, de acordo com o retorno obtido e o nível de risco. Dadas as opções estratégicas adotadas nessas duas regiões, a diferenciação e os custos foram enfatizados. As margens e os potenciais de perda dos dois grupos de cafeicultores foram mensurados, o que permitiu apresentar uma relação entre risco e retorno. Os retornos foram estimados por um índice que relaciona custos e preços - margem operacional -, e a análise de riscos foi realizada a partir das estimativas do Value at Risk. Os resultados indicaram que os produtores do Cerrado, além de terem obtido melhores retornos, apresentaram menores perdas potencias que os do sudoeste. Os resultados favoráveis aos cafeicultores do Cerrado foram relacionados às diferenças dos custos produtivos e da qualidade do café. Incrementos na qualidade do produto e melhorias na gestão do processo produtivo foram os aspectos considerados relevantes para melhorar o desempenho do produtor do sudoeste. Já em relação à cafeicultura do Cerrado, destacou-se a importância de manter os esforços ligados à diferenciação e à produtividade.This paper aimed to analyze the comparative performance from the Minas Gerais "Cerrado" coffee producers and the south-western conventional coffee producers, according to the returns and the risk level. Differentiation and costs were emphasized because they were the strategic options adopted by the grower in these two regions The margins and potential loss of these two producer groups were measured, in a way that a relation between risks and returns could be presented. The returns were estimated by an index that relates costs and prices - operational margin -, and risk analysis was conducted based on Value at Risk estimates. The results indicated that, besides obtaining better returns, the Minas Gerais "Cerrado" producers had

  12. Herbicidas no alto rio Poxim, Sergipe e os riscos de contaminação dos recursos hídricos Herbicides in the upper Poxim river, Sergipe, and the risk of contamination of water resources

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fábio Brandão Britto

    2012-06-01

    Full Text Available A crescente atividade agrícola em áreas de mananciais tem causado preocupações quanto à contaminação por herbicidas em áreas agrícolas. O problema se torna mais importante quando a contaminação pode afetar a água para uso humano, como ocorre com a água do Rio Poxim, que abastece a cidade de Aracaju, capital do Estado de Sergipe. O objetivo do estudo foi avaliar o risco de contaminação de águas superficiais e subterrâneas por herbicidas no alto da Sub-bacia do Rio Poxim e detectar a presença dos princípios ativos Diuron e Ametrina, à montante das plantações de cana-de-açúcar. A análise de risco foi realizada mediante critérios da Environmental Protection Agency (EPA, índice de GUS e método de GOSS. Observou-se que vários princípios ativos sofrem risco de lixiviação, demonstrando a importância do monitoramento do rio para controle tanto da qualidade da água como da frequência e volume de herbicidas aplicado na região. A partir do resultado, foi realizado um monitoramento bimensal de julho de 2009 a julho de 2010, em dois pontos de amostragem. As amostras de água foram analisadas em laboratório, onde se, constatou a presença de Diuron e Ametrina. A qualidade da água na Sub-bacia do Rio Poxim está sendo influenciada pelo uso de herbicidas na região. Ocorreu um aumento nas concentrações dos herbicidas na água superficial, durante o período chuvoso, provocado possivelmente pelo escoamento superficial.Increased agricultural activity in watershed areas has been causing concern over contamination by herbicides in agricultural areas. The problem becomes more important when contamination can affect water for human consumption, as happens with water from the Poxim river, which supplies the city of Aracaju, capital of the State of Sergipe. The aim of this study was to evaluate the risk of contamination by herbicides to both surface and groundwater in the upper sub-basin of the Poxim River, and to detect the

  13. Relevância de exames de rotina em pacientes de baixo risco submetidos a cirurgias de pequeno e médio porte

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Danielle de Sousa Soares

    2013-04-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A avaliação pré-operatória tem como objetivos diminuir a morbimortalidade do paciente cirúrgico, o custo do atendimento perioperatório e a ansiedade pré-operatória. A partir da avaliação clínica deve-se definir a necessidade de exames complementares e estratégias para reduzir o risco anestésico-cirúrgico. O objetivo deste trabalho foi avaliar o benefício de exames de rotina pré-operatório de pacientes de baixo risco em cirurgias de pequeno e médio porte. MÉTODOS: Trata-se de um estudo descritivo, transversal, com 800 pacientes atendidos no consultório de avaliação pré-anestésica do Hospital Santo Antonio, Salvador, BA. Foram incluídos pacientes de 1 a 45 anos, estado físico ASA I, que seriam submetidos a cirurgias eletivas de pequeno e médio porte. Avaliaram-se alterações no hemograma, coagulograma, eletrocardiograma, RX de tórax, glicemia, função renal e dosagem de sódio e potássio e as eventuais mudanças de conduta que ocorreram decorrentes dessas alterações. RESULTADOS: Dos 800 pacientes avaliados, 97,5% fizeram hemograma, 89% coagulograma, 74,1% eletrocardiograma, 62% RX de tórax, 68% glicemia de jejum, 55,7% dosagens séricas de ureia e creatinina e 10,1% dosagens de sódio e potássio séricos. Desses 700 pacientes, 68 (9,71% apresentaram alteração nos exames pré-operatórios de rotina e apenas 10 (14,7% dos considerados alterados tiveram conduta pré-operatória modificada, ou seja, solicitação de novos exames, interconsulta ou adiamento do procedimento. Nenhuma das cirurgias foi suspensa. CONCLUSÃO: Observou-se que excessivos exames complementares são solicitados no pré-operatório, mesmo em pacientes jovens, de baixo risco cirúrgico, com pouca ou nenhuma interferência na conduta perioperatória. Exames aboratoriais padronizados não são bons instrumentos de screening de doenças, além de gerar gastos elevados e desnecessários.

  14. Somatotipo, fatores de risco e razão cintura-estatura em indivíduos fisicamente ativos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anderson Henrique Souza de Almeida

    2015-08-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A relação entre o tipo físico e o risco cardiovascular vem sendo estudada em diversas populações do mundo. No Brasil, estudos que avaliam esta relação são escassos, principalmente quando se trata de indivíduos que praticam atividades físicas. Objetivo: Analisar a relação do somatotipo com fatores de risco cardiovascular e razão cintura-estatura (RCEst em praticantes de atividade física.MÉTODOS: Trata-se de uma pesquisa descritiva com delineamento transversal. A amostra foi constituída por 280 sujeitos, usuários da pista de Cooper da Universidade Federal de Pernambuco, na cidade de Recife, PE, Brasil. Para identificação do nível de atividade física, utilizou-se a versão curta do International Physical Activity Questionnaire(IPAQ. Os indivíduos classificados como muito ativos, ativos ou irregularmente ativos A ou B, foram incluídos na amostra. Excluíram-se os sujeitos inativos fisicamente. O somatotipo foi estimado através do protocolo antropométrico de Carter e Heath (1990. Determinaram-se como fatores de risco cardiovascular o tabagismo, o consumo de bebida alcoólica e a pressão arterial (PA. Empregou-se a estatística descritiva para caracterização da amostra, em seguida, utilizou-se a Análise de Variância Multivariada (MANOVA, com nível de significância de p < 0,05.RESULTADOS: Não foi identificada relação significativa para as variáveis tabagismo e consumo de bebida alcoólica. Na análise da PA (Pillai's trace = 0,082; F = 8,187; p < 0,05 e da RCEst (Pillai's trace = 0,298; F = 39,081; p < 0,05, verificou-se significância estatística com o somatotipo.CONCLUSÃO: O tipo físico foi positivo e significativamente relacionado com a PA e com a RCEst, demonstrando que esse indicador antropométrico pode ser utilizado para predizer precocemente o risco de desenvolvimento de doenças cardiovasculares.

  15. Prevalência de Fatores de Risco Cardiovascular em Pacientes em Hemodiálise - O Estudo CORDIAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jayme Eduardo Burmeister

    2014-06-01

    Full Text Available Fundamentos: Há uma carência de dados epidemiológicos sobre o perfil de risco cardiovascular nos pacientes renais crônicos em hemodiálise no Brasil. Objetivo: O estudo CORDIAL foi planejado para avaliar fatores de risco cardiovascular e acompanhar a evolução de uma população em programa de hemodiálise numa cidade metropolitana do Brasil. Métodos: Todos os pacientes em hemodiálise por doença renal crônica nos quinze centros de nefrologia de Porto Alegre foram considerados para inclusão na fase inicial do estudo CORDIAL. Dados clínicos, laboratoriais e demográficos foram obtidos nos registros médicos, e em entrevistas individuais estruturadas realizadas com todos os pacientes por pesquisadores treinados. Resultados: Foram incluídos 1215 pacientes (97,3% de todos os que estavam em hemodiálise na cidade de Porto Alegre. A média de idade era 58,3 anos, 59,5% eram homens e 62,8% eram brancos. A prevalência de fatores de risco cardiovascular encontrada foi 87,5% para hipertensão, 84,7% para dislipidemia, 73,1% para sedentarismo, 53,7% para tabagismo e 35,8% para diabetes. Em uma análise multivariada ajustada, sedentarismo (p = 0,032; RP 1,08 - IC95%: 1,01-1,15, dislipidemia (p = 0,019; RP 1,08 - IC95%: 1,01-1,14, e obesidade (p < 0,001; RP 1,96 - IC95%: 1,45-2,63 foram mais frequentes em mulheres; e hipertensão (p = 0,018; PR 1,06 - IC95%: 1,01-1,11 e tabagismo (p = 0,006; RP 2,7 - IC95%: 1,79-4,17 foram mais frequentes naqueles com menos de 65 anos. Sedentarismo apresentou uma associação independente com tempo em diálise inferior a 12 meses (p < 0,001; RP 1,23 - IC95%: 1,14-1,33. Conclusão: Pacientes em hemodiálise nesta metrópole do sul do Brasil apresentaram uma prevalência elevada de fatores de risco cardiovascular similar a diversos países do hemisfério norte.

  16. Risco de geada e duração dos subperíodos fenológicos da 'Cabernet Sauvignon' na região da Campanha

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gabriel F. Brixner

    2014-02-01

    Full Text Available Objetivou-se, neste trabalho, identificar os períodos com maior risco de formação de geada e avaliar as alterações quanto à duração do ciclo fenológico da videira 'Cabernet Sauvignon', estimados com base na disponibilidade térmica de Alegrete, Bagé, Quaraí, São Gabriel, Santana do Livramento e Uruguaiana, localizados na região da Campanha do Rio Grande do Sul. Foram utilizados dados meteorológicos, como temperatura máxima e mínima do ar para o período de 1961 a 2010. Para determinar o risco de formação de geada foi considerada condição favorável a formação quando a temperatura mínima fosse menor ou igual a 3 °C. Para determinar o comportamento fenológico da cultivar Cabernet Sauvignon foi realizado o somatório de graus-dia abrangendo o período de 1/agosto a 10/outubro como início de brotação. Verifica-se que, no início de setembro, Uruguaiana e São Gabriel apresentam baixo risco de formação de geada, a nível de 0,05, enquanto para Alegrete, Bagé, Quaraí e Santana do Livramento para este nível a última data ocorre no início de outubro. Quanto aos subperíodos de desenvolvimento da 'Cabernet Sauvignon' é possível observar variações no número total de dias em relação às épocas de brotação, bem como entre os municípios da Campanha.

  17. Investigação de áreas de risco como metodologia complementar ao controle da leishmaniose visceral canina Investigation of risk areas as complemental methodology for the control of canine visceral leishmaniasis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fred S. Julião

    2007-08-01

    Full Text Available Foram investigadas áreas de risco de leishmaniose visceral canina no município de Camaçari, Bahia. Um total de 278 cães distribuídos em 141 residências, pertencentes a 20 áreas de risco investigadas, foi examinado sorologicamente (ELISA. A soroprevalência geral foi 21,7% (56/258 depois da exclusão dos 20 cães usados no início do estudo para delimitar a área. Os resultados respectivos das análises univariada e multivariada dos fatores relacionados à infecção do cão por Leishmania chagasi, a captura e distribuição do vetor na área e a metodologia usada para localizar os focos caninos são discutidos.Risk areas of canine visceral leishmaniasis in the city of Camaçari, Bahia, Brazil, were investigated. A total of 278 dogs from 141 homes pertaining to 20 investigated risk areas was serologically screened (ELISA. The general seroprevalence was 21.7% (56/258 after exclusion of 20 dogs used at the beginning of the survey to limit the study area. The respective results of the univariated and multivariated analysis of factors related to infection of dogs by Leishmania chagasi, to vector distribu-tion pattern in the area and to the methodology used to localize the canine focuses are discussed.

  18. Indivíduos, estruturas e riscos: panorâmica da prevenção primária do HIV em Portugal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Octávio Sacramento

    2016-01-01

    Full Text Available Resumo: O texto debate as principais orientações e procedimentos que configuram a prevenção primária do HIV/AIDS em Portugal, prestando especial atenção à redução de riscos nos dois grandes cenários de propagação da epidemia: a sexualidade e o consumo de drogas injetáveis. Na análise, os riscos de infecção são considerados enquanto expressões de práticas densamente imbricadas em estruturas sociais e quadros culturais. À luz dessa concepção, procura-se avaliar e compreender em que medida as estratégias preventivas têm subjacente uma abordagem ampla e integradora, incluindo os indivíduos e as suas circunstâncias. Simultaneamente, são identificados alguns dos grandes constrangimentos estruturais que ainda se colocam à concretização de condições propícias à minimização de riscos e à adoção de comportamentos seguros. Nesses exercícios analíticos não se ponderam somente as orientações políticas e programáticas, mas também processos no terreno, de forma a mostrar-se como a não operacionalização de medidas já previstas e legisladas constitui, por si mesma, uma poderosa barreira estrutural à prevenção do HIV.

  19. Porto da Praia da Vitória. Estimativa dos galgamentos da protecção marginal da baía.

    OpenAIRE

    Silva, E.; Santos, J. A.; Reis, M. T.

    2011-01-01

    O objectivo principal do presente trabalho é o estudo dos galgamentos de estruturas marítimas tendo em vista a modelação do fenómeno na análise de risco e em sistemas de alerta. Sendo o cálculo dos galgamentos a operação fundamental para a análise que se pretende efectuar, utilizaram-se formulações empíricas e uma ferramenta desenvolvida com base em redes neuronais para determinar os caudais médios de galgamento. Compararam-se os resultados das várias ferramentas no cálculo ...

  20. Riscos biomecânicos posturais em trabalhadores de uma serraria Biomechanical risks in sawmill worker postures

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Gustavo Soares de Oliveira

    2009-03-01

    Full Text Available Os trabalhadores em serrarias estão sujeitos a riscos biomecânicos advindos das posturas adotadas durante suas atividades laborais. Este trabalho visou avaliar as posturas adotadas por esses trabalhadores por meio do método de avaliação rápida do corpo inteiro (REBA, rapid entire body assessment, buscando detectar e classificar os riscos biomecânicos. Participaram 15 trabalhadores do setor de produção de uma serraria em João Pessoa, PB, do sexo masculino, com idade média de 44±10,9, avaliando-se quatro posturas: flexão anterior do tronco com levantamento de carga, agachamento profundo, flexão ântero-lateral do tronco e corpo estendido para mover uma prensa. Sintomas musculoesqueléticos foram identificados no mapa corporal de Corlett. Um questionário semi-estruturado levantou os dados demográficos, ambientais e as funções executadas. Pelo REBA, a flexão anterior de tronco apresentou nível de risco muito alto e as posturas de agachamento profundo, flexão ântero-lateral do tronco e movimento do corpo em extensão, nível de risco alto. Uma alta proporção (73,3% deles queixaram-se de dor ou desconforto na coluna e 26,8% na região dos ombros. Considerando os níveis de riscos apresentados, requerem-se intervenções ergonômicas preventivas no posto de trabalho para adoção de posturas que melhor propiciem a execução das atividades com menor risco à saúde do trabalhador.Workers in sawmills are exposed to biomechanical risks due to the postures adopted during their activities. The purpose here was to assess postures adopted by these workers by using the rapid entire body assessment (REBA, in order to detect and classify possible biomechanical risks. Fifteen male workers from the production section of a sawmill in João Pessoa, PB (mean age 44±10.9 years old were assessed as to the postures adopted at work. A semi-structured questionnaire collected demographic and environmental data as well as functions in the workplace

  1. Percepção de agentes comunitários de saúde sobre os riscos à saúde fonoaudiológica Perception of community health workers regarding risks for hearing and communication disorders

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Nunes Santos

    2012-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Investigar a percepção dos agentes comunitários sobre os aspectos relacionados à saúde fonoaudiológica da população usuária de um programa de saúde da família. MÉTODOS: Trata-se de estudo observacional transversal com aplicação de questionário a 85 agentes comunitários. Foram investigadas 20 situações hipotéticas abordando os temas fonoaudiológicos na rotina de trabalho dos agentes. As variáveis analisadas foram: idade, tempo de atuação, escolaridade, percepção dos riscos à saúde da população nas áreas de voz, motricidade orofacial, linguagem e audiologia. RESULTADOS: A média de idade dos agentes foi de 38 anos (±9,1, e o tempo de médio de atuação no programa 5,0 anos (±2,9. Observou-se que 80 profissionais (94% possuíam pelo menos o Ensino Médio completo, e todos eram do gênero feminino. Entre as situações hipotéticas investigadas, os agentes demonstraram ter a percepção do risco e atitude de levá-lo para discussão da equipe em 49% das situações envolvendo o risco à saúde auditiva, 53% saúde vocal, 60% e 62% os riscos relacionados à motricidade orofacial e linguagem, respectivamente. Não foi encontrada relação entre o tempo de atuação e a percepção do risco à saúde fonoaudiológica. CONCLUSÃO: Os agentes comunitários mostraram ter percepção de muitas situações de risco à saúde fonoaudiológica dos usuários, especialmente no que se refere à saúde vocal e das estruturas e funções orofaciais. É necessário ao agente comunitário ir além das habilidades e competências conceituais e procedimentais no que se refere à saúde da comunicação humana, pois se almeja um profissional com habilidades atitudinais.PURPOSE: To investigate the perception of community health workers about the aspects related to hearing and communication health of users of a family health program. METHODS: Cross-sectional observational study with questionnaire application to 85 community

  2. O que é comportamento de risco para transtornos alimentares em adolescentes?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Greisse Viero da Silva Leal

    2013-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Caracterizar comportamento de risco para transtornos alimentares (TA e sua frequência entre adolescentes em uma revisão da literatura nacional e internacional. MÉTODOS: Foi realizada uma busca bibliográfica por meio de uma revisão integrativa nas bases de dados PubMed (US National Library of Medicinee Lilacs e no portal SciELO,utilizando-se os descritores relacionados à "eating disorder risk behavior". Foram selecionados artigos publicados nos últimos 10 anos, nos idiomas português, espanhol e inglês, e especificamente com adolescentes. Foram avaliados 76 artigos e analisados a nomenclatura e os instrumentos utilizados para avaliar comportamento de risco para TA e sua prevalência. RESULTADOS: Encontrou-se uma série de termos para avaliar risco para TA. A metodologia mais utilizada foi a de questionários e escalas, destacando-se o EAT-26 ou 40 e o BITE, dentre os mais frequentes; a prevalência de risco variou de 0,24% a 58,4%. CONCLUSÃO: Diferentes nomenclaturas e instrumentos são utilizados para avaliar comportamento de risco para TA entre adolescentes, com grande amplitude nos resultados de prevalência. Maior padronização de termos e metodologia de avaliação permitiriam melhor comparação entre estudos epidemiológicos em diferentes localidades.

  3. Medidas antropométricas como preditoras de fatores de risco cardiovascular na população urbana do Irã

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Reza Gharakhanlou

    2012-02-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: O sobrepeso e a obesidade são um importante problema de saúde pública na sociedade pela sua associação com diversas doenças crônicas. OBJETIVO: O objetivo deste estudo é determinar a prevalência e a distribuição de sobrepeso e obesidade, usando diferentes medidas antropométricas, e identificar o melhor indicador antropométrico intimamente relacionado aos fatores de risco de Doenças Cardiovasculares (DCV em população iraniana urbana. MÉTODOS: O presente estudo transversal foi realizado com 991 homens e 1.188 mulheres de 15 a 64 anos. Foram medidos Índice de Massa Corporal (IMC, Circunferência Abdominal (CA, Relação Cintura-Quadril (RCQ, Relação Cintura-Altura (RCA e porcentagem de gordura corporal. Foi obtida amostra de sangue em jejum. Foram avaliados os fatores de risco cardiovascular, incluindo glicemia de jejum, triglicerídeos, colesterol total (col-T, colesterol de baixa densidade (LDL-colesterol e colesterol da lipoproteína de alta densidade (HDL-colesterol. RESULTADOS: Em relação ao IMC, 49% dos homens e 53% das mulheres estavam acima do peso ou obesos, e 10,2% dos homens e 18,6% das mulheres encontravam-se obesos. Tanto nos homens quanto nas mulheres, a prevalência de sobrepeso esteve maior entre aqueles com 40-49 anos de idade, e a prevalência de obesidade esteve maior entre aqueles com 50 anos ou mais. Usando a análise de regressão múltipla, IMC, RCA e RCQ explicaram o maior percentual de variação de triglicerídeos, razão entre col-T e HDL-colesterol e LDL-colesterol em homens, respectivamente, ao passo que RCQ explicou o maior percentual de variação de triglicerídeos e CA explicou o maior percentual de variação da razão entre col-T e HDL-colesterol e LDL-colesterol em mulheres. CONCLUSÃO: Nossos dados indicam que RCQ e RCA foram os indicadores antropométricos que melhor previram fatores de risco cardiovascular em homens e RCQ e CA, em mulheres.

  4. Fatores de risco para o desenvolvimento de criancas atendidas em Unidades de Saude da Familia, ao final do primeiro ano de vida: aspectos sociodemograficos e de saude mental materna

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Debora Gerardo Ribeiro

    2014-01-01

    Full Text Available O objetivo deste artigo é verificar fatores de risco e proteção para o desenvolvimento de crianças de 1 ano, atendidas em unidades de saúde da família. Estudo transversal com 65 crianças de aproximadamente 1 ano, atendidas em duas Unidades de Saúde da Família, e suas respectivas mães. Avaliou-se o desenvolvimento através de um teste de screening para rastreamento de risco. As mães responderam a uma entrevista e ao SRQ-20 para identificar indicadores de transtorno mental comum (TMC. Realizou-se análise descritiva dos dados e procedeu-se a análise estatística inferencial. Estavam em risco para o desenvolvimento global 43,1% das crianças e as áreas mais afetadas foram linguagem e motricidade fina; 44,6% das mães pontuaram para indicativo de transtorno mental comum, quando a criança tinha 1 ano. Na análise bivariada, depressão referida, tabagismo, infecções na gravidez, TMC após o nascimento e trabalhar fora associaram-se significativamente com o desenvolvimento da criança. Após os ajustes, apenas TMC apresentou-se como fator de risco e trabalhar fora fator de proteção. Para aumentar as chances de sucesso de programas direcionados a crianças com risco para o desenvolvimento em unidades de saúde parece importante ter dois focos: a estimulação da criança e a saúde mental materna.

  5. ENTRE A TÉCNICA E A EFETIVIDADE: O ATIVISMO JUDICIAL COMO INSTRUMENTO DE GARANTIA DOS DIREITOS FUNDAMENTAIS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raphael de Souza Almeida Santos

    2013-05-01

    Full Text Available Considerando o déficit na materialização efetiva das políticas públicas nacionais, torna-se necessária uma reflexão sobre a atuação do Poder Judiciário numa sociedade Pós-Positivista aonde o fenômeno do ativismo judicial vem ganhando a simpatia do jurisdicionado quando da concreção dos Direitos Fundamentais num cenário dominado por uma teoria processualista democrática que prima pelo tecnicismo dos atos judiciais. Ao restarem esboçados os entraves e riscos provenientes da seletividade dos magistrados pelo protagonismo judicial, é que poderá se vislumbrar a função social de tal fenômeno numa perspectiva humanitária através de detida análise no texto que se apresenta.

  6. Redes de inclusão e burocracias de exclusão: riscos e seguros de responsabilidade civil entre os mais pobres na África do Sul Inclusive networks and exclusive bureaucracies: risks and commercial insurance for the South African poor

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Erik Bähre

    2010-10-01

    Full Text Available Nos últimos anos as grandes empresas da África do Sul têm vindo a criar uma variedade de apólices de seguro que visa abranger aqueles até então excluídos, na sua maioria não-brancos pobres e de classe média. Neste artigo analiso as definições de custos e riscos, bem como a tentativa de poupar custos contando com o capital social dos mais pobres. Esta análise trará uma nova dimensão aos já acesos debates em torno do risco, desigualdade e capital social. A pesquisa levada a cabo junto de clientes que habitam em townships da Cidade do Cabo, bem como de correctores de seguros, actuários e outros envolvidos no mundo dos seguros, demonstra de que forma os custos das apólices estão directamente relacionados com a grande variedade de riscos e adversidades a que os mais carenciados estão sujeitos. Demonstra ainda o modo como as seguradoras mobilizam o seu capital social para ganhar acesso a novos mercados - por vezes com consequências desastrosas - e têm, em simultâneo, uma complexidade burocrática que dificulta o recebimento das compensações por parte dos clientes. Este estudo sugere, contra-intuitivamente, que a rápida expansão do mercado dos seguros pode agravar os riscos a que os mais pobres estão expostos e aumentar as desigualdades.Recently, large-scale South African companies are establishing a myriad of policies that aim to incorporate the previously excluded, mostly non-White, poor and middle classes. Here I examine definitions of risks and costs, as well as the attempt to save costs by relying on social capital among the poor. This casts a new light on lively debates on risk, inequality, and social capital. Research among clients living in the townships of Cape Town, as well as among insurance brokers, actuaries, and others involved in the world of insurance, reveal how policy costs are directly related to the many risks and adversities that the poor are exposed to. It reveals how insurers mobilize social capital to

  7. Identificação de fatores de risco cardiovascular em pais/cuidadores de crianças cardiopatas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camila Feijó Borges

    2012-10-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: As doenças cardiovasculares representam uma das principais causas de morbimortalidade no mundo. No Brasil, constituem a principal causa de óbitos. OBJETIVO: Identificar fatores de risco cardiovasculares em pais/cuidadores de crianças cardiopatas, mediante avaliação do estado nutricional, condições de saúde e estilo de vida. MÉTODOS: Estudo transversal, com 150 pais ou cuidadores de crianças cardiopatas que frequentavam um ambulatório de cardiologia pediátrica. Dados de identificação, estilo de vida e condições de saúde foram coletados por meio de questionário estruturado. Para análise dos hábitos alimentares utilizou-se questionário de frequência alimentar, e para avaliação do estado nutricional foram realizadas aferições de peso, estatura e circunferência da cintura e cálculo e classificação do Índice de Massa Corporal (IMC. RESULTADOS: Foram avaliados 155 pais de crianças cardiopatas, predominantemente do sexo feminino, 91,6%; a média de idade foi 35,0 ± 10,6 anos. Os fatores de risco observados em maior prevalência foram sedentarismo (85,2%, obesidade (28% e hipertensão (22,6%. Em relação aos hábitos alimentares foi identificada elevada frequência de consumo de carne vermelha, margarina, azeite, açúcar e baixo consumo de peixes. A comparação entre os gêneros apresentou diferença significativa em relação à obesidade, detectada pelo IMC, e hipertensão, e ambas foram mais presentes entre mulheres. A medida da circunferência da cintura também evidenciou maior risco cardiovascular nas mulheres. CONCLUSÃO: Foram identificados fatores de risco para doenças cardiovasculares nos pais/cuidadores avaliados, como excesso de peso, sedentarismo e hipertensão, além de hábitos alimentares inadequados como elevada frequência de consumo de gorduras saturadas e colesterol e baixa frequência de consumo de gorduras insaturadas.

  8. O desenvolvimento da sexualidade de crianças em situação de risco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Karen Murakami Yano

    2011-12-01

    Full Text Available O estudo teve como objetivo retratar e analisar o desenvolvimento da sexualidade de crianças em situação de risco. Quarenta e duas crianças, de 6 a 12 anos, foram entrevistadas aos pares, utilizando-se técnicas facilitadoras de comunicação. Empregou-se o método qualitativo descritivo-exploratório, segundo Análise de Conteúdo Temática. A falta de orientação e de informação, as referências e fontes inadequadas de conhecimento e a violação de seus direitos caracterizaram o percurso da sexualidade dessas crianças. Fora dos contos de fadas, elas descobriram a dicotomia entre amor e sexo, sendo este associado a eventos violentos.

  9. Demência como fator de risco para fraturas graves em idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carvalho Aline de Mesquita

    2002-01-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: As quedas entre pessoas idosas constituem importante problema de saúde pública devido à sua alta incidência, às complicações para a saúde e aos altos custos assistenciais. O estudo realizado visa a estimar a associação entre demência e ocorrência de quedas e fraturas entre idosos. MÉTODOS: Foi conduzido estudo caso-controle de 404 indivíduos com 60 ou mais anos de idade, da cidade do Rio de Janeiro, Brasil. Casos e controles foram pareados por idade, sexo e hospital. Os dados foram coletados por meio de entrevista estruturada com os idosos. Foram considerados portadores de quadro demencial idosos cuja pontuação no questionário BOAS fosse superior a dois. Foram obtidos odds ratios (OR ajustados por fatores potenciais de confusão, utilizando-se regressão logística condicional. RESULTADOS: As quedas distribuíram-se igualmente entre os períodos da manhã, tarde e noite, havendo uma redução em sua freqüência durante a madrugada. Acidentaram-se dentro de casa 78% dos idosos com demência, contra 55% daqueles sem essa doença. O OR não-ajustado para a associação entre demência e fratura grave foi de 2,0 (IC95%, 1,23-3,25. Após o ajuste por fatores de confusão, houve uma pequena redução dessa associação (OR=1,82, 1,03-3,23. CONCLUSÃO: Idosos com quadro demencial apresentam maior risco de caírem e ser hospitalizados por fratura do que idosos sem demência. Tal fato implica a necessidade de cuidados especiais com esses indivíduos, visando a minimizar o risco desses acidentes.

  10. Risco de adoecimento por exposição às águas do Rio Doce: um estudo sobre a percepção da população de Tumiritinga, Minas Gerais, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gilvan Ramalho Guedes

    2015-06-01

    Full Text Available A forte relação das pessoas com o Rio Doce, bem como suas enchentes regulares, representam fator contínuo de exposição ao risco de doenças hídricas. Dada sua relevância epidemiológica, este estudo analisa a associação entre percepção de contaminação e uso do rio, bem como os mecanismos heurísticos empregados na formação da percepção de risco. Utilizou-se um modelo probit ordenado com variável instrumental e análise de redes temáticas aplicados a uma base de dados primária de 352 domicílios, representativa dos moradores de Tumiritinga, Minas Gerais, Brasil, para o ano de 2012. Os resultados indicam que embora a maioria (92,6% dos moradores de Tumiritinga perceba o risco de contrair algum tipo de doença quando nada no Rio Doce, somente 11,4% informam não entrar na água. A análise de conteúdo sugere que esse paradoxo advém da falta de compreensão populacional sobre os mecanismos de transmissão de doenças hídricas, criando viés otimista sobre as chances de contaminação. Campanhas para promoção de comportamento preventivo devem, portanto, enfatizar as formas de contrair doenças hídricas na região.

  11. Desempenho e Volatilidade dos Índices de Governança Corporativa da BM&FBOVESPA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leandro Sanches Simplicio de Oliveira

    2011-12-01

    Full Text Available Esta pesquisa teve por objetivo observar o retorno e o risco dos dois índices de Governança Corporativa (IGC e IGCT da BM&FBOVESPA, tendo como benchmarking o IBOVESPA no período entre 2007 e 2010. A hipótese central assumiu que em razão das práticas de governança o IGC e IGCT apresentariam menor volatilidade e desempenho superior ao IBOVESPA. Essa proposição é suportada pelo marco teórico utilizado, onde se postula a preeminência de um sistema de gestão que verse pela transparência, fidedignidade das informações e a homogeneidade no relacionamento com os stakeholders e shareholders. Os procedimentosmetodológicos utilizados foram às técnicas estatísticas descritivas de análise de posição, dispersão e correlação das séries temporais. Ademais, utilizou-se o Índice de Sharpe Ajustado para mensurar a performance (risco x retorno dos índices de governança em relação ao IBOVESPA. Os resultados empíricos alinham-se as pesquisas realizadas, onde os índices de governança apresentaram menor volatilidade e melhor desempenho em relação ao IBOVESPA, contudo, essa evidência não é consistente para todo o período em análise, em especial para a crise financeira de 2008. Desta forma, o trabalho pondera que a despeito do esforço em estimular as práticas de governança corporativa, o mercado, ainda, não demonstra plena segurança nesta ação, apesar dos indícios de que no longo prazo, as empresas que utilizam esse modelo institucional apresentam performance superior.

  12. AVALIAÇÃO DO RISCO DE DESENVOLVIMENTO DE TRANSTORNOS ALIMENTARES EM ALUNAS DO ENSINO MÉDIO DE ESCOLAS PARTICULARES, ARACAJU - SE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    MARIA DE FáTIMA MELO SILVEIRA

    2009-09-01

    Full Text Available

    Os transtornos alimentares são quadros psiquiátricos caracterizados por uma grave perturbação do comportamento alimentar, sendo a Anorexia e Bulimia Nervosa os dois tipos principais, os quais afetam principalmente adolescentes femininas e adultas jovens. O objetivo do trabalho foi avaliar o risco de alunas do ensino médio em escolas particulares de Aracaju-SE de desenvolverem transtornos alimentares dos tipos Anorexia e Bulimia Nervosa. Utilizou-se um questionário autopreenchível (com validação primária em 320 alunas, de 14 a 18 anos de idade, que aceitaram responder às questões sobre comportamento alimentar, imagem corporal, entre outras. O risco de desenvolvimento de transtornos alimentares na população avaliada foi evidenciado por determinadas manifestações, como a prática de dietas (39,0%, uso de medicamentos para emagrecer (10,8%, consumo compulsivo excessivo de alimentos (40,7% e eventos bulímicos (7,8%. Tendo em vista que a insatisfação corporal é um dos fatores principais que modulam a gênese dos distúrbios alimentares, o desgosto pelo próprio corpo (40,3%, apresentado pelas alunas analisadas, revelou a possibilidade de desenvolverem Anorexia e Bulimia Nervosa. Os resultados indicam a substancial necessidade de prevenção desses transtornos por meio de folderes e palestras, além da capacitação de profissionais da saúde e professores de ensino médio para a detecção do problema.

  13. Influência dos parâmetros de configuração do modelo CALMET sobre a simulação da circulação atmosférica na região metropolitana do Rio de Janeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Claudio Gomes Pimentel

    2014-12-01

    Full Text Available O objetivo desse estudo é a analise dos efeitos dos parâmetros de configuração do modelo CALMET sobre a simulação da circulação atmosférica em superfície nas Bacias Aéreas I e III da Região Metropolitana do Rio de Janeiro (RMRJ. O estudo foi realizado para um período em que a RMRJ estava sob a atuação de um sistema de alta pressão, que não influenciou significativamente as circulações locais na região. A análise conjunta dos resultados indica que a melhor configuração para simulações do campo de vento na RMRJ com o sistema combinado de modelagem MM5/CALMET é obtida utilizando o valor de 10 km para o parâmetro TERRAD e Raio de Influência entre 7 e 10 km.

  14. Indicadores de risco para tentativa de suicídio por envenenamento: um estudo caso-controle

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Cláudia da Cruz Pires

    2015-09-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo Considerando o envenenamento como o método mais utilizado para a tentativa de suicídio e a escassez de evidências nacionais sobre o tema, investigamos alguns possíveis indicadores de risco nesse tipo de tentativa. Métodos Estudo do tipo caso-controle em uma emergência geral de um hospital público, na cidade do Recife com 220 indivíduos, distribuídos em dois grupos de 110 pacientes cada, que estavam em tratamento, sendo o grupo casos os sobreviventes de tentativa de suicídio por envenenamento e os controles, sem história de intoxicação/envenenamento nem tentativa de suicídio, pareados por gênero e idade. Resultados O gênero feminino predominou na amostra (70,9%, com idade média de 29 anos; 73% declararam etnia branca ou morena; menos da metade vivia em convívio marital; a maioria tinha religião; ambos tinham poucos anos de estudo. Houve diferença significativa (p = 0,003 para dependência financeira entre os grupos, com chance 2,25 vezes maior para tentar suicídio entre os casos. Ter sofrido fatos traumáticos e abuso sexual na infância revelou diferença significativa. Conclusões Foram considerados indicadores de risco no grupo caso: estar em dependência financeira de terceiros, ter sofrido abuso sexual na infância, ideação suicida, histórico de transtorno mental na família, possuir algum transtorno mental e, principalmente, comorbidade(s psiquiátrica(s. No modelo de regressão, foi possível estimar uma chance de tentativa de suicídio por envenenamento de até 94,0% na presença conjunta de quatro fatores. A pesquisa representa uma das primeiras iniciativas para ampliação das discussões sobre os fatores de risco para tentativa de suicídio em âmbito nacional.

  15. Hipometilação do LINE-1 está Associada ao Risco de Doença Cardíaca Coronariana na População Chinesa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Li Wei

    2014-06-01

    Full Text Available Fundamentos: O nível de metilação global do ADN de leucócitos no sangue tem sido associado ao risco de doença arterial coronariana (DAC, com resultados inconsistentes em diferentes populações. Faltam dados semelhantes da população chinesa, onde diferentes fatores genéticos, de estilo de vida e ambientais podem afetar a metilação do ADN e sua relação com o risco de DCC. Objetivos: Analisar se a metilação global está associada ao risco de doença coronariana na população chinesa. Métodos: Foram incluídos um total de 334 casos de DCC e 788 controles saudáveis. A metilação global do ADN de leucócitos de sangue foi estimada por meio da análise das repetições do LINE-1 usando pirosequenciamento de bissulfito. Resultados: Em uma análise inicial restrita aos controles o nível do LINE-1 diminui significativamente com a idade avançada, colesterol total elevado, e diagnóstico de diabetes. Na análise de caso-controle, a redução da metilação do LINE-1 foi associada ao aumento do risco de DCC, tendo a análise por quartil revelado uma odds ratio (IC 95% de 0,9 (0,6-1,4, 1,9 (1,3-2,9 e 2,3 (1,6 3.5 para o terceiro, segundo e primeiro (o mais baixo quartil (P da tendência < 0,001, respectivamente, em comparação com o quarto (o mais alto quartil. A metilação inferior (< mediana do LINE-1 esteve associada a 2,2 vezes (IC 95% = 1,7-3,0 o aumento de risco de doença coronariana. As estimativas de risco de DCC menores relacionadas com o LINE-1 tenderam a ser mais fortes entre os indivíduos com maior tercil de homocisteína (P interação = 0,042 e naqueles com diagnóstico de hipertensão arterial (P interação = 0,012. Conclusão: A hipometilação do LINE-1 está associada ao risco de doença coronariana na população chinesa. Fatores de risco de DCC potenciais tais como a idade avançada, colesterol total elevado, e diagnóstico de diabetes podem ter impacto na metilação global do ADN, exercendo, portanto, o seu

  16. Neurobiologia dos transtornos do controle dos impulsos The neurobiology of impulse control disorders

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wendol A Williams

    2008-05-01

    Full Text Available OBJETIVO: Revisar os artigos sobre substratos neurobiológicos dos transtornos do controle dos impulsos. O jogo patológico é o foco central desta revisão na medida em que a maioria dos estudos biológicos dos formalmente classificados como transtornos do controle dos impulsos examinou este transtorno. MÉTODO: Foi feita uma busca no banco de dados Medline de artigos publicados de 1966 até o presente para identificar aqueles relevantes para serem revisados neste artigo. DESFECHOS: Estudos pré-clínicos sugerem que a neuromodulação das monoaminas cerebrais está associada à tomada de decisões impulsivas e aos comportamentos de risco. Os estudos clínicos implicam diversos sistemas de neurotransmissores (serotoninérgico, dopaminérgico, adrenérgico e opióide na fisiopatologia do jogo patológico e de outros transtornos do controle dos impulsos. Estudos de neuroimagem preliminares têm indicado o córtex pré-frontal ventromedial e o estriato ventral como atuantes na fisiopatologia do jogo patológico e de outros transtornos do controle dos impulsos. As contribuições genéticas para o jogo patológico parecem substanciais e os estudos iniciais têm relacionado esse transtorno a polimorfismos alélicos específicos, ainda que os achados de varredura genômica ainda tenham que ser publicados. CONCLUSÃO: Mesmo que tenham sido logrados avanços significativos em nossa compreensão sobre os transtornos do controle dos impulsos, mais pesquisas são necessárias para ampliar o conhecimento existente e traduzir esses achados em avanços clínicos.OBJECTIVE: To review the neurobiological substrates of impulse control disorders. Pathological gambling is a main focus of the review in that most biological studies of the formal impulse control disorders have examined this disorder. METHOD: The medical database Medline from 1966 to present was searched to identify relevant articles that were subsequently reviewed to generate this manuscript

  17. Prevalência de fatores de risco coronariano em praticantes de futebol recreacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P.H.G. Gomides

    2016-06-01

    Conclusão: Os fatores de risco coronariano mais prevalentes nos praticantes de futebol recreacional foram o excesso de peso, o sedentarismo e a hipercolesterolemia, apresentando classificação de risco médio e crescimento com o aumento da idade, sobretudo após os 31 anos.

  18. Eficácia de uma intervenção psicológica no estilo de vida para redução do risco coronariano Efficacy of lifestyle change psychological intervention in coronary risk reduction

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rita Pugliese

    2007-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a eficácia de um programa destinado a promover mudanças no estilo de vida por meio de intervenção psicológica associado à terapia farmacológica para redução do risco coronariano em pacientes com hipertensão não-controlada, sobrepeso e dislipidemia acompanhados durante 11 meses. MÉTODOS: Estudo controlado e aleatório com 74 pacientes distribuídos para três programas de tratamento distintos. Um grupo (TC recebeu exclusivamente tratamento farmacológico convencional. O grupo de orientação (GO recebeu tratamento farmacológico e participou de um programa de orientação para controle dos fatores de risco cardiovascular. O terceiro grupo (IPEV recebeu tratamento farmacológico e participou de um programa de intervenção psicológica breve destinado a reduzir o nível de estresse e mudar o comportamento alimentar. A principal medida de avaliação foi o índice de risco de Framingham. RESULTADOS: Os pacientes do grupo TC obtiveram uma redução média de 18% (p = 0,001 no risco coronariano; os pacientes do grupo GO apresentaram um aumento de risco de 0,8% (NS; e os pacientes do grupo IPEV obtiveram uma redução média de 27% no índice de risco de Framingham (p = 0,001. CONCLUSÃO: O tratamento farmacológico aliado a um programa de intervenção psicológica destinado a reduzir o nível de estresse e mudar o comportamento alimentar resultou em benefícios adicionais na redução de risco coronariano.OBJECTIVE: To evaluate the efficacy of a program of lifestyle change through psychological intervention, combined with pharmacological therapy, for coronary risk reduction in uncontrolled hypertensive patients with overweight and dyslipidemia over 11 months of follow-up. METHODS: A randomized controlled trial with 74 patients assigned to three different treatment programs. One group (CT only received conventional pharmacological treatment. Another group (OG received pharmacological treatment and participated in a

  19. Prevalência de fatores de risco e proteção para doenças crônicas não transmissíveis em adultos: estudo transversal, Brasil 2012

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Deborah Carvalho Malta

    Full Text Available OBJETIVO: descrever as prevalências de fatores de risco e proteção para doenças crônicas na população adulta brasileira e analisar as diferenças segundo variáveis sociodemográficas. MÉTODOS: estudo transversal com dados de 2012 do Sistema de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel, incluindo residentes nas capitais brasileiras com idade ≥18 anos; foram calculadas as prevalências e respectivos intervalos de confiança de 95% (IC95% segundo sexo, faixa etária e escolaridade. RESULTADOS: entre 45.448 entrevistados, a prevalência de tabagismo foi de 12,1% (IC95%: 11,5%-12,8%, inatividade física, 14,9% (IC95%: 14,2%-15,5%, consumo abusivo de bebidas alcoólicas, 18,4% (IC95%: 17,7%-19,2%, excesso de peso, 51,0°% (IC95%: 50,1%-51,9% e obesidade, 17,4°% (IC95%: 16,7%-18,1%; os fatores de risco estudados estiveram associados a maior idade, sexo masculino e menor escolaridade. CONCLUSÃO: a prevalência dos fatores de risco e proteção apresenta diferenças segundo características sociodemográficas, a serem consideradas nas estratégias de promoção da saúde.

  20. Câncer gástrico: fatores de risco em clientes atendidos nos serviços de atenção terciária em um município do interior paulista

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Teixeira Jesislei Bonolo do Amaral

    2003-01-01

    Full Text Available Realizamos o presente estudo com clientes com diagnóstico de câncer gástrico e submetidos a cirurgia, com o objetivo de identificar a exposição aos fatores de risco para a doença. Foram sujeitos do estudo 24 clientes que concordaram em participar através da assinatura do termo de consentimento livre, respondendo a um instrumento semi-estruturado, elaborado segundo a perspectiva do Campo de Saúde. A análise dos dados possibilitou identificar que 50,1% apontaram como fatores responsáveis dieta inadequada, tabagismo, etilismo e problemas psicológicos. Dentre o consumo de alimentos considerados de risco, encontramos tendência de maior consumo de enlatados, embutidos, defumados, churrasco e frituras, além de indicação de dietas com alto teor de sódio. Fumantes foram encontrados 66,7% ou que já fumaram e 70,8% indicaram consumo de bebida alcoólica, preferencialmente cerveja e destilados. Esses dados indicam a necessidade de implementação de programas educativos que visem o esclarecimento sobre os fatores de risco com vistas à promoção da saúde.

  1. Visão conceitual de modelos de gerenciamento de riscos à segurança organizacional [doi: 10.5329/RECADM.20111002009

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Izaias Otacilio da Rosa

    2011-12-01

    Full Text Available VISÃO CONCEITUAL DE MODELOS DE GERENCIAMENTO DE RISCOS À SEGURANÇA ORGANIZACIONAL RESUMO Ao longo do processo evolutivo mundial a segurança consolidou-se como um fator preponderante de sucesso para os mais diversos segmentos, agregando valor ao desenvolvimento social, econômico e tecnológico. As demandas decorrentes dos cenários de violência, comuns aos grandes centros populacionais, impulsionaram a alocação de esforços com vistas à proteção de recursos tangíveis e intangíveis, evidenciando a necessidade do planejamento fundamentado no gerenciamento de riscos que possam impactar negativamente nos ambientes organizacionais. Neste contexto, o objetivo da presente pesquisa consiste em construir uma análise sistêmica de um referencial teórico que evidencie o conhecimento acadêmico e empírico mais relevante na área do gerenciamento de riscos à segurança organizacional. Com tal propósito, a partir de um processo estruturado, realizaram-se buscas junto aos periódicos com acesso disponibilizados através do portal da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES, chegando-se a um referencial teórico composto por 17 publicações alinhadas ao presente tema. As publicações que integram o referencial teórico desta pesquisa foram analisadas segundo 07 critérios, sendo eles, [1] o conceito de risco; [2] o conceito de análise de risco; [3] os processos apresentados para identificar os aspectos a serem tidos em conta na análise de riscos; [4] os processos utilizados para mensurar o grau de risco; [5] os processos utilizados para determinar o nível de ancoragem das escalas de mensuração do grau de risco; [6] os processos utilizados para integrar as escalas para o grau de risco global; e [7] os processos para construir ações de aperfeiçoamento. Com isto, foi possível identificar o estado da arte para estes sete aspectos e para as melhores práticas propor encaminhamentos para promover seu aperfei

  2. Fatores de risco psíquico ao desenvolvimento infantil: implicações para a fonoaudiologia Psychical risk factors to the child development: implications on speech-language and hearing therapy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciele Dias Oliveira

    2012-04-01

    Full Text Available TEMA: fatores de risco psíquico ao desenvolvimento infantil e as implicações para a fonoaudiologia. OBJETIVOS: estudar, por meio de uma revisão teórica os riscos psíquicos ao desenvolvimento infantil, com ênfase nos riscos para aquisição da linguagem, e discutir as implicações para a atuação fonoaudiológica em idade precoce. CONCLUSÃO: a partir da literatura revisada, constatou-se que crianças que convivem com riscos biológicos e, sobretudo psíquicos, nos primeiros anos de vida, são mais propensas a desenvolver problemas que podem afetar o seu desenvolvimento. Assim, considera-se a necessidade daatuação fonoaudiológica estar vinculada a uma constante observação dos fatores de risco psíquico ao desenvolvimento infantil e aquisição da linguagem, podendo participar da detecção e estimulação precoces em uma perspectiva promocional.BACKGROUND: psychical risk factors to child development and implications on speech-language and hearing therapy. PURPOSE: to study, through a theoretical review, the psychical risks to the child development, emphasizing the risks for language acquisition, and discuss the implications on the speech-language and hearing therapy performance for precocious age. CONCLUSION: through reviewed literature, we evidenced that children who live with biological and especially psychic risks, during their first years, are more inclined to develop problems that may come to affect their development. So, we consider the need for speech-language and hearing therapy to be linked to a constant observation of the psychical risk factors to the child development and language acquisition, being this professional able to take part in the precocious detection and stimulation under a promotional perspective.

  3. Risco de câncer associado ao uso de antidepressivos Risk of cancer associated with the use of antidepressants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camila Silva Bôaventura

    2007-04-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Alguns estudos sugerem que o uso de antidepressivos poderia aumentar o risco de câncer. Este estudo visa realizar uma revisão sobre o tema. MÉTODO: Foi feita uma busca nas bases de dados MEDLINE e LILACS, utilizando como palavras de busca antidepressant, cancer e nomes das diferentes drogas antidepressivas. RESULTADOS: Onze artigos foram selecionados. Foram encontrados seis artigos sugerindo uma associação positiva fraca entre o uso de antidepressivos e o crescimento tumoral e cinco artigos que não sugeriam a associação. Discussão: Os resultados dos estudos com relação ao risco de câncer associado ao uso de antidepressivos são ainda conflitantes. Na maioria dos estudos, a análise multivariada não mostra associação positiva em uso de antidepressivos e câncer, a não ser em casos específicos, como linfoma de Hodgkin.INTRODUCTION: Some studies suggest that the use of antidepressants could increase the risk of cancer. This study aims at performing a review on this subject. METHOD: A search was performed in the MEDLINE and LILACS databases using the keywords antidepressant, cancer and names of varied antidepressant drugs. RESULTS: Eleven articles were selected. Six articles were found suggesting a positive weak association between use of antidepressants and tumoral growth. In five articles this association was not found. DISCUSSION: The results of studies on increased risk of cancer associated with antidepressants are still conflicting. In most studies the multivariate analysis did not show positive association between use of antidepressants and cancer, unless in specific cases, such as Hodgkin's lymphoma.

  4. Influência da garantia institucional sobre o risco de crédito

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos Aurélio Nascimento

    2009-10-01

    Full Text Available O presente artigo discute a análise do crédito ao consumidor sob os aspectos pessoais - caráter e capacidade -, passando pelos demais “cs” do crédito – capital, condições e colateral - como complemento da análise. Com base em uma pesquisa de campo, buscou-se identificar fatores que justifiquem um tratamento diferenciado para consumidores que dispõem de garantias institucionais. Este tratamento diferenciado poderia ser materializado por taxas de juros menores ou linhas de crédito mais atraentes para o cliente de menor risco. Trata-se de uma pesquisa sob a ótica do tomador de recursos que, invariavelmente, vai de encontro ao interesses das instituições financeiras. A política de crédito das instituições financeiras deve ser estabelecida de forma a recompensar, também, a garantia institucional, na medida em que esta concorre para a redução do risco de crédito. Admitindo-se que há uma relação direta entre a taxa de juro e risco de crédito, pode-se inferir que quanto menor o risco menor a taxa de juro, portanto, a recompensa esperada pelo menor risco é aplicação de uma taxa menor.

  5. Factores de risco de displasia broncopulmonar em cinco unidades portuguesas de cuidados intensivos neonatais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hercília Guimarães

    2010-05-01

    Full Text Available Resumo: A displasia broncopulmonar (DBP é multifactorial. Prematuridade, doença da membrana hialina, oxigénio, ventilação mecânica, inflamação e canal arterial são alguns dos factores na sua patogénese Objectivo: Avaliar a prevalência da DBP e seus factores de risco em cinco unidades portuguesas, para implementar boas práticas no tratamento deste doentes. Material e métodos: 256 recém-nascidos (RN com idade gestacional (IG  0,30 (85 vs 5 dias, respectivamente nos doentes com e sem DBP, p  0.30 (85 vs 5 days, respectively in BPD and no BPD patients, p < 0.001. Comments: The most relevant risk factors were low birth weight, severe hyaline membrane disease, duration of respiratory support and oxygen therapy, and nosocomial sepsis. The implementation of potentially better practices to reduce lung injury in neonates must be addressed to improve practices to decrease these risk factors. Palavras chave: Displasia broncopulmonar, recém-nascidos pré-termo, unidades de cuidados intensivos neonatais, doença da membrana hialina, ventilação mecânica, oxigenoterapia, factores de risco, boas práticas, Key words: Bronchopulmonary dysplasia, preterm infants, neonatal intensive care, prematurity, hyaline membrane disease, mechanical ventilation, oxygen therapy, risk factors, better practices

  6. Planejamento do balanço bancário: desenvolvimento de um modelo matemático de otimização do retorno econômico ajustado ao risco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Solange Garcia dos Reis

    2001-08-01

    Full Text Available Este trabalho consiste na concepção de um modelo matemático de otimização para auxiliar a escolha das categorias de ativos e passivos que comporão a estrutura patrimonial de uma instituição bancária em períodos futuros. O modelo de decisão dos gestores bancários, o qual é traduzido pelo modelo matemático, considera a necessidade de um processo de planejamento estruturado, no qual são escolhidas as alternativas que proporcionarão o maior retorno econômico e, simultaneamente, considera a necessidade de atendimento às limitações do ambiente operacional dos bancos: suas políticas internas em relação ao risco e liquidez, os relacionamentos contábeis do balanço a cada período do horizonte de planejamento, os requisitos normativos exigidos pelos reguladores bancários e as restrições relativas aos volumes de negociação suportáveis pelo mercado. A principal restrição abordada no modelo é a limitação de capital próprio para cobertura de riscos do portfólio. Esse aspecto é contemplado da perspectiva dos reguladores, por meio da modelagem dos requerimentos normativos de capital, e da perspectiva dos gestores, por meio da proposta de utilização de um modelo estatístico para mensuração do risco. O modelo matemático construído é caracterizado como um modelo de programação não-linear, multiperiódico e probabilístico.This paper is concerned with the construction of a mathematical optimization model that helps to choose the categories of assets and liabilities that will form the balance sheet of a bank in future periods. The mathematical model herein represents a decision model for bank managers. In its assumptions, it considers the necessity of a structural planning, in which there some alternatives have to be chosen to provide a better economic return. In addition, it also considers the necessity of meeting the constraints of a bank's operational environment: politics established by the Company regarding risk

  7. Estilo de vida de adolescentes das escolas públicas de ensino fundamental, em Fortaleza/CE, em relação ao risco de hipertensão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thiago Brasileiro de Vasconcelos

    2013-01-01

    Full Text Available Objetivo: analisar o estilo de vida dos adolescentes das escolas públicas de ensino fundamental na cidade de Fortaleza/CE, em relação ao risco de Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS. Métodos: estudo descritivo, exploratório, transversal e quantitativo, realizado com 120 alunos de seis escolas públicas do ensino fundamental na cidade de Fortaleza/CE. A coleta de dados foi realizada de fevereiro a abril de 2007. Para tanto, foi utilizado um questionário estruturado composto de perguntas e respostas objetivas a respeito da prática de atividade física, das horas de sono, do uso de cigarro, dos hábitos alimentares, dos antecedentes familiares com HAS, de quais fatores que causam a HAS, se fazem uso de bebidas alcoólicas e por fim como se deve prevenir a HAS. Resultados: a amostra do estudo foi composta de 120 alunos de ambos os sexos com média de idade de 13,88 anos ± 1,27 ano. Em relação aos fatores de risco, 37,5% (n=45 dos estudantes realizam atividade física mais de duas vezes por semana; em relação ao hábito de fumar 96,67% (n=116 não fumam; sobre a ingestão de alimentos, 50,8% (n=61 ingerem biscoitos com suco; 94,2% (n=113 não fazem uso de bebidas alcoólicas e foi detectado que 65% (n=78 estão abaixo do peso ideal. Outro fator identificado foi que 32,50% (n=39 da amostra apresentam antecedentes familiares de primeiro e/ou segundo graus com afecções cardiovasculares, prevalecendo a HAS em 30%. Conclusão: verificou-se que os alunos realizam pouca atividade física, alimentam-se de forma inadequada com alimentos ricos em gorduras e carboidratos e apresentam antecedentes familiares com afecções cardiovasculares.

  8. Comportamento do Volume de Negociações e do Risco de Mercado antes e após os Resultados das Eleições Presidenciais em 2014: Um Estudo com Empresas Brasileiras de Capital Aberto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Josilene da Silva Barbosa

    2017-01-01

    Full Text Available Objetivo: Consiste em analisar o efeito do resultado das eleições presidenciais em 2014 no risco de mercado medido em função do volume de títulos negociados pelas empresas brasileiras listadas na BM&FBOVESPA. Fundamento: Método: Nessa pesquisa a composição de amostras corresponde a todas as empresas com ações negociadas na Bovespa no período que corresponde às eleições para presidente da república realizada em outubro de 2014. Os dados que serviram de base para a realização dos testes são o preço das ações e volume de negociação de todas as empresas brasileiras de capital aberto, com títulos negociados na BM&FBOVESPA no período de 01 de janeiro de 2010 a 31 de agosto de 2015. Para análise dos dados, especificamente foi utilizada a metodologia teste de Chow (1960. Resultados: No estudo após proceder ao teste, constatou-se que a indefinição do cenário político pode ter provocado uma instabilidade no risco das empresas a um nível de significância de 5%. Os resultados mostram que 131 empresas apresentaram quebra estrutural o que corresponde a 71% da amostra, demonstrando que o risco das empresas em relação a investimentos mudou tanto para mais quanto para menos. Contribuições: O estudo é relevante para o mercado, pois, mostra que em períodos de instabilidade política o comportamento do mercado pode-se alterar, elevando o risco em função do volume de negociações. Ao prever esse tipo de alteração no mercado os investidores poderão se prevenir antecipadamente, tomando decisões que consideram esse tipo de evento, bem como as empresas também poderão tomar decisões preventivas.

  9. Utilidade da citologia anal no rastreamento dos homens heterossexuais portadores do HPV genital Anal cytology for screening heterosexual men harboring genital HPV infection

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raphael Marianelli

    2010-09-01

    Full Text Available Os papilomavírus humanos (HPV de alto risco estão fortemente relacionados à etiologia do carcinoma espinocelular (CEC anogenital e suas lesões precursoras. O HPV-16 é o tipo mais freqüente, estando presente em até 87% dos CEC do canal anal HPV-positivo. Apesar de ser relativamente raro, vem sendo cada vez mais diagnosticado, nas últimas décadas, sobretudo em indivíduos do sexo masculino. A incidência é ainda mais elevada nos grupos considerados de risco, particularmente, os homens e as mulheres HIV-positivo e os homens que fazem sexo com homens (HSH. Grande parte das pesquisas direcionadas à infecção anal pelo HPV e sua relação com neoplasia intraepitelial-anal (NIA e com o carcinoma esteve focada nos grupos de risco. Pouco interesse vem sendo destinado à investigação dos homens heterossexuais. Estudos epidemiológicos da prevalência da infecção pelo HPV em homens, mostraram que os heterossexuais masculinos apresentavam infecção anal pelo HPV em até 12%. As Sociedades médicas e os especialistas recomendam o rastreamento dos portadores de imunodepressão e dos HSH com citologia do raspado do canal anal. Entretanto, até o momento, não há recomendação de rastreamento para homens que fazem sexo com mulheres.The oncogenic human papillomaviruses (HPV are straightly associated with anogenital cancer and dysplasia. The HPV-16 is the most common type, isolated in 87% of the HPV-positive anal squamous cell carcinoma (SCC. Despite being a rare tumor, the incidence of SCC has increased in the last decades, especially in males. Incidence is particularly high amongst men who have sex with men (MSM and among HIV infected men and women. For decades anogenital HPV researches have largely focused risk groups. Poor interest was intended to men who have sex with women (MSW. Prevalence studies of HPV infection in MSW have demonstrated that anal infection was identified in as far as 12%. Medical societies and specialists recommend anal

  10. Método de coleta e análise de amostras de poeira para avaliação de riscos de explosões de pós em suspensão em unidades de recebimento e armazenagem de grãos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Fabiano Costella

    Full Text Available Resumo O fogo e a explosão devido à poeira orgânica em suspensão são riscos potencialmente mortais em toda a operação que tem como resultado secundário a formação de materiais pulverulentos em algumas etapas de seu processo produtivo. Este artigo apresenta um método de coleta e análise de amostras de poeira para avaliação de riscos de explosões de pós em suspensão, e foi testado em uma unidade de recebimento, limpeza, secagem, armazenagem e expedição de grãos (soja. O método de pesquisa consiste na avaliação da concentração de poeira total nos setores considerados de maior risco quanto à explosão de pó, sendo, neste estudo de caso, a moega com descarga manual, a moega com descarga através de tombador, o secador, o túnel subterrâneo, o redler, o elevador e a máquina de limpeza. Dentre os resultados destaca-se que as concentrações totais nos setores pesquisados após 8 horas de utilização ultrapassaram o recomendado em quatro locais dos sete amostrados. Observou-se o crescimento da concentração conforme o tempo de operação da unidade, ressaltando que, a partir da análise dos valores encontrados, uma parcela do pó decanta rapidamente e outra, com granulometria menor, permanece suspensa no ar por um longo tempo, o que consiste em um fator de risco altíssimo. Por fim, descreveram-se as medidas preventivas para evitar explosões em locais onde podem ser encontradas concentrações dentro da faixa de explosividade.

  11. Cirurgia ambulatorial: identificação dos diagnósticos de enfermagem no período perioperatório

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Cristina Simões Flório

    Full Text Available O objetivo da presente investigação foi a identificação dos diagnósticos de enfermagem no período perioperatório do paciente cirúrgico ambulatorial. Como referencial teórico, selecionamos a teoria de Levine, na qual são propostos quatro princípios de conservação, a saber: conservação de energia, conservação da integridade estrutural, conservação da integridade pessoal e conservação da integridade social. Os dados foram coletados pela pesquisadora, no serviço de cirurgia ambulatorial de um hospital privado da cidade de Ribeirão Preto (São Paulo, nos meses de janeiro e fevereiro de 2001, utilizando um instrumento previamente validado. A amostra consistiu de trinta pacientes adultos submetidos a cirurgia de diferentes especialidades médicas, com anestesia regional ou geral. Após a coleta dos dados, procedemos a identificação dos diagnósticos de enfermagem, utilizando o processo de raciocínio diagnóstico descrito por Risner, e a construção das categorias diagnósticas teve como referência a taxonomia da NANDA e o estudo de Carpenito. No período perioperatório, foram identificados quinze diagnósticos e, neste estudo, analisamos aqueles que obtiveram uma freqüência igual ou maior que 50%, a saber: ansiedade, risco para infecção, risco para lesão por posicionamento perioperatório e dor.

  12. Ecocardiograma e fatores de risco cardiovascular em obesos graves

    OpenAIRE

    Elaine Gonçalves Moreira Rocha, Isaura

    2003-01-01

    Introducão: Alterações em parâmetros hemodinâmicos e na função cardíaca ocorrem na obesidade grave, em associação a outros fatores de risco cardiovascular, como dislipidemia, hipertensão arterial e diabete melito. Material e métodos: Foi descrito o perfil clínico, metabólico, ecocardiográfico e o risco de doença cardiovascular, avaliado através do escore de Framingham, em 32 obesos graves candidatos à gastroplastia, no Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco, entre jane...

  13. Da exacerbação dos sentidos no encontro com a natureza: contrastando esportes radicais e turismo de aventura Sensation seeking in outdoor pursuits: similarities and differences in discourses on radical sports and adventure tourism

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mary Jane P. Spink

    2005-04-01

    Full Text Available Este artigo visa a contribuir para a compreensão do risco-aventura, entendido como o conjunto de práticas que recuperam a dimensão positiva dos riscos. Com base na revisão da literatura e apoiado na vertente construcionista da Psicologia Discursiva, propõe um modelo para análise das dimensões de risco-aventura presentes no turismo de aventura e nos esportes radicais: risco/perigo, adrenalina, aventura, treinamento, uso de equipamentos e relação com a natureza. Como fonte de dados, utilizamos o site de uma operadora especializada em turismo de aventura e uma entrevista com um praticante de parapente. Os dados coletados foram analisados utilizando árvores de associação de idéias e mapas dialógicos. Todos os elementos do modelo analítico se fizeram presentes nas duas modalidades de risco-aventura. Porém, o turismo de aventura caracterizou-se pela delegação do controle do risco a especialistas, enquanto que nos esportes radicais a dimensão treinamento/experiência foi priorizada, enfatizando-se a responsabilidade individual no controle dos riscos.This article is a contribution to the understanding of risk-adventure as the set of practices that recuperate the positive dimension of risk. Based on a review of the literature and on the theoretical approach of Constructionist Discursive Psychology, it proposes a model for the analysis of the dimensions of risk adventure present in adventure tourism and radical sports: risk/danger, adrenaline, adventure, training, use of equipments and relationship to nature. The data, derived from the site of a tourism agency that specialized in adventure tourism and an interview with a paraglide practitioner, was analyzed using "trees of association of ideas" and "dialogical maps". All the elements of the model were present in both modalities of risk-adventure. However, adventure tourism was characterized by the delegation of responsibility to specialists, whilst the training/experience dimension made

  14. Efeito dos ácidos graxos n-3 e n-6 na expressão de genes do metabolismo de lipídeos e risco de aterosclerose Effects of n-3 and n-6 fatty acids on the expression of genes involved in the lipid metabolism and risk of atherosclerosis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Helena Fonseca Raposo

    2010-10-01

    Full Text Available A aterosclerose, principal responsável pela patogênese do infarto miocárdico e cerebral, bem como pela gangrena e por outras doenças vasculares periféricas, permanece como principal causa de morbidade e mortalidade nas populações "ocidentalizadas". Estima-se que 17,5 milhões de pessoas morreram por doenças cardiovasculares em 2005, o que representou 30% das causas de morte nesse ano, e que, em 2015, 20 milhões de pessoas morrerão por doenças cardiovasculares no mundo. Os ácidos graxos n-3, principalmente os de cadeia longa, encontrados nos peixes, têm-se mostrado particularmente úteis na prevenção e tratamento de doenças como dislipidemias, diabetes mellitus e obesidade, apresentando importante efeito cardioprotetor. Nesse contexto, pesquisas têm evidenciado que ao menos parte dos benefícios dos ácidos graxos eicosapentaenóico e docosahexaenóico sobre o risco de doenças cardiovasculares é decorrente da modulação de genes responsivos aos receptores ativados por proliferadores de peroxissomos e envolvidos no metabolismo lipídico. Nesta revisão, pretende-se expor alguns mecanismos de ação dos ácidos graxos n-3 e n-6 sobre o metabolismo de lipídeos e de lipoproteínas. Conclui-se que muitos aspectos que contribuem para o risco de doenças cardiovasculares são afetados pela ingestão de n-3. Além da redução de triglicérides, fatores como o aumento de adiponectina, a redução da concentração de colesterol plasmático e a melhora do transporte reverso de colesterol também são responsáveis pela redução do risco de aterosclerose promovida pelos ácidos graxos n-3. No entanto, ainda são necessários estudos adicionais para definir mais claramente os mecanismos celulares e moleculares responsáveis pelo efeito cardioprotetor dos ácidos graxos n-3.Atherosclerosis, the main cause of myocardial infarction, stroke, gangrene and other peripheral vascular diseases, also persists as the main cause of morbidity and

  15. A proteinúria como fator de risco para retinopatia diabética

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Freitas André Moraes

    2002-01-01

    Full Text Available Introdução: A diabete mélito é doença metabólica complexa que envolve hiperglicemia, doença microvascular (retina e rim e neuropatia. A retinopatia e a nefropatia são importantes causas de cegueira e falência renal respectivamente, e complicações relacionadas à diabete mélito. Objetivo: Determinar a relação entre a presença de proteinúria e nefropatia com a gravidade da retinopatia diabética num estudo transversal de pacientes diabéticos. Métodos: Estudo transversal de pacientes diabéticos, sem tratamento oftalmológico prévio, atendidos em serviço de oftalmologia terciário. Estes pacientes foram submetidos a exame fundoscópico, exames laboratoriais e interrogados quanto ao tempo de duração e o tipo de diabete. Comparados os fatores de risco abordados com os achados fundoscópicos. Na análise dos dados quantitativos foi usado o teste t de Student. Resultados: Estudados 81 pacientes, 28 do sexo masculino, 53 do sexo feminino, 28 com diabete insulino-dependente 53 com diabete não-insulino-dependente. Fatores correlacionados estatisticamente com o grupo com retinopatia diabética mais grave incluem: diabete mélito insulino dependente (alfa<0,01, nefropatia (alfa<0,05, proteinúria (alfa<0,05, maior tempo de doença (p<0,001 e valores mais elevados de glicemia de jejum (p=0,01. Conclusões: Concluiu-se que a gravidade de retinopatia diabética está relacionada à presença de proteinúria e nefropatia além de sofrer influência de fatores de risco tais como tempo de duração da doença, tipo de diabete e controle metabólico da doença.

  16. Trabalho e riscos de adoecimento: um estudo entre policiais civis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vânia Cristine Cavalcante Anchieta

    Full Text Available Este estudo teve como objetivo avaliar a percepção que os policiais civis do DF têm sobre o seu contexto de trabalho, suas exigências, assim como as vivências e os problemas físicos, psicológicos e sociais causados pelo trabalho, procurando fazer inferências sobre as estratégias de mediação utilizadas para evitar o sofrimento e os riscos de adoecimento. Foi aplicado o Inventário do Trabalho e Riscos de Adoecimento (ITRA em 160 policiais civis, homens e mulheres, recém empossados na Instituição (tempo médio de oito meses de ingresso na Instituição. Os resultados indicaram que, apesar de não ficarem evidentes danos graves à saúde do policial novato, há riscos de acontecerem falhas nas estratégias de mediação em relação a fatores que levam ao adoecimento.

  17. Os alcances e limites da medicalização do risco para a psicose: a emergência de uma nova categoria? Scope and limits of medicalization of the risk for psychosis: emergence of a new category?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Stephan Malta Oliveira

    2012-01-01

    Full Text Available O objetivo do artigo consistiu em discutir a medicalização do risco para a psicose; especificamente, a construção de uma nova categoria diagnóstica que vem sendo realizada pela força-tarefa de elaboração do DSM-5, nomeada "síndrome de risco para a psicose" e, mais recentemente, "síndrome dos sintomas psicóticos atenuados". A metodologia utilizada foi a revisão bibliográfica. Foi realizado um breve relato da genealogia do risco na psiquiatria. Na parte inicial do artigo, procurou-se discutir a medicalização de uma forma mais geral, focando sobre os aspectos do controle social e das tecnologias do self, sob uma ótica foucaultiana. Posteriormente, foi dada ênfase ao processo da medicalização do risco para a psicose; em especial, à construção de uma categoria relacionada a esse risco. Dentre os alcances desse processo, destacou-se a possibilidade de se intervir precocemente na psicose e com isso retardar seu início. Ainda não está claro se a intervenção precoce pode reduzir a gravidade do quadro quando instalado ou mesmo impedir seu aparecimento. Quanto aos limites, mostrou-se o risco de se produzir uma hipermedicalização com a construção da categoria, levando ao uso indiscriminado de medicamentos neurolépticos e aos riscos relacionados a esse uso, bem como à estigmatização dos indivíduos incluídos na categoria. Foi mostrado também o problema do elevado número de indivíduos "falsos positivos", ou seja, indivíduos que serão categorizados e mais tarde não desenvolverão qualquer transtorno psicótico. Procurou-se com o trabalho estabelecer uma crítica consistente à construção da categoria nosológica em questão.This paper aimed to discuss the medicalization of the risk for psychosis, and more specifically, the building of a new diagnostic category which has been carried out by the DSM-5 elaboration Task Force, named psychosis risk syndrome and, more recently, attenuated psychotic symptoms syndrome. The

  18. Fatores de risco associados à saúde dos dentistas – uma abordagem epidemiológica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Klaus Loges

    2005-07-01

    Full Text Available A odontologia é uma profissão que impõe ao seu praticante uma série de fatores capazes de alterar as condições de trabalho do ponto de vista sócio-psico-fisiológico e organizacional. Este estudo tem como objetivo contribuir para o entendimento das questões relacionadas ao trabalho dos cirurgiões-dentistas e suas repercussões sobre sua vida laboral. A metodologia empregada foi baseada em entrevistas dirigidas, nas quais foram aplicados um questionário e um exame físico-funcional em cem dentistas (51 mulheres e 49 homens. Os achados indicaram que tanto homens como mulheres  dentistas apresentaram problemas de origem músculo-esquelética relacionados ao trabalho  em sedestração. Além disso, apesar de diferenças no método de coleta dos dados, os resultados deste estudo são compatíveis com a literatura internacional, onde os dentistas homens referem menos dores e desconforto do que as mulheres.

  19. Gratidão em Contextos de Risco: Uma Relação Possível?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Simone dos Santos Paludo

    2015-09-01

    Full Text Available O presente artigo pretende apresentar e discutir as contribuições teóricas e empíricas sobre a gratidão, bem como a possível relação existente entre gratidão e contexto de risco. Historicamente, a ciência psicológica preocupou-se em investigar patologias, negligenciado os aspectos saudáveis dos seres humanos. No entanto, tal paradigma tem sido questionado pelo movimento da Psicologia Positiva que propõe um olhar para as potencialidades e virtudes humanas. A gratidão está inserida no rol de relevantes aspectos saudáveis e positivos do desenvolvimento humano. Embora crescente o interesse pelo estudo dessa emoção, ainda, são escassas as publicações acadêmicas sobre a temática. Existe uma ampla discussão sobre o conceito de gratidão como emoção, virtude moral, recurso das forças pessoais, afeto moral e característica afetiva. Embora as divergências sejam evidentes é possível identificar um consenso sobre os benefícios propostos por essa experiência, especialmente nos contextos de risco. No entanto, é necessário questionar como a gratidão pode emergir e ser cultivada em situações de total adversidade. 

  20. Fatores de risco cardiovasculares, suas associações e presença de síndrome metabólica em adolescentes Cardiovascular risk factors, their associations and presence of metabolic syndrome in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anabel Nunes Rodrigues

    2009-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a ocorrência de síndrome metabólica (SM e fatores de risco associados em adolescentes de Vitória (ES. MÉTODOS: Foram avaliados 380 adolescentes de 10 a 14 anos de idade estudantes de escolas públicas. Foram mensurados: índice de massa corporal, pressão arterial em repouso, dosagens séricas em jejum das concentrações de colesterol total, LDL-colesterol, HDL-colesterol, triglicerídeos e glicose. RESULTADOS: Identificou-se prevalência de sobrepeso em 9,6% dos meninos e em 7,4% das meninas, enquanto que obesidade foi observada em 6,2 e 4,9%, respectivamente. As concentrações de triglicerídeos foram limítrofes ou altas em 6,8 e 3,4% dos meninos e em 11,8 e 5,9% das meninas. A concentração de HDL-colesterol estava abaixo dos níveis padronizados em 8,5% dos meninos e em 9,9% das meninas. A pressão arterial em repouso foi limítrofe para 5,1% dos meninos e 7,9% das meninas, enquanto que 3,4% tanto dos meninos quanto das meninas foram considerados hipertensos. Glicemia de jejum foi alta em 0,6% dos meninos e em 0,5% das meninas. No grupo estudado, 2,8% dos meninos e 2,5% das meninas apresentaram dois fatores de risco associados a SM. A prevalência de SM foi de 1,1% para meninos e 1,5% para meninas e a total foi de 1,3%. CONCLUSÕES: Fatores de risco cardiovasculares associados a SM são condições clínicas importantes nessa faixa etária. Um número significativo de adolescentes apresentou resultados limítrofes, os quais podem aumentar a prevalência de SM ou de fatores de risco independentes em curto prazo. Mais investimentos devem ser feitos na prevenção primária, considerando que o diagnóstico precoce é uma questão de fundamental importância.OBJECTIVE: To evaluate the occurrence of metabolic syndrome (MS and independent associated risk factors in adolescents in the city of Vitória, Brazil. METHODS: We assessed 380 adolescents aged 10 to 14 years attending public schools. Body mass index and blood

  1. RISCO, VULNERABILIDADE FÍSICA À EROSÃO COSTEIRA E IMPACTOS SÓCIO-ECONÔMICOS NA ORLA URBANIZADA DO MUNICÍPIO DE MARICÁ, RIO DE JANEIRO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flavia Moraes Lins-de-Barros

    2005-12-01

    Full Text Available O estudo da erosão costeira no município de Maricá, no estado do Rio de Janeiro, aponta para a problemática resultante da ausência de um planejamento urbano para as orlas que considere de maneira adequada a vulnerabilidade física e os riscos envolvidos. Nos anos de 1995, 1996 e 2001 fortes ondulações atingiram os litorais sul e sudeste do Brasil provocando no litoral de Maricá graves danos sobre as construções. Os prejuízos financeiros em função das destruições, desvalorização imobiliária e das obras realizadas atingiram uma cifra de aproximadamente R$ 3 milhões. O presente artigo visa discutir o problema da erosão costeira no município de Maricá através da avaliação dos impactos socioeconômicos e da definição de áreas críticas e de risco potencial à erosão costeira. Os mapeamentos do grau de vulnerabilidade e risco demonstraram predominância ao longo do arco praial de segmentos com risco elevado e muito elevado em função da baixa resistência do litoral aos eventos erosivos, elevada exposição às tempestades, elevada densidade de construção na orla e casas e quiosques posicionados na escarpa ou na berma da praia. Este resultado combinado à caracterização das praias quanto ao grau de danos sofridos, aos tipos de adaptação e ao prejuízo financeiro permitiu definir áreas especiais para o planejamento na orla de Maricá, contribuindo com sugestões de possíveis medidas que visem reverter a atual situação.

  2. Estilos de vida nas capitais brasileiras segundo a Pesquisa Nacional de Saúde e o Sistema de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas Não Transmissíveis por Inquérito Telefônico (Vigitel, 2013

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Deborah Carvalho Malta

    2015-12-01

    Full Text Available RESUMO: Objetivo: Descrever os principais resultados dos fatores de risco e proteção de doenças crônicas não transmissíveis (DCNT, nas capitais brasileiras e no Distrito Federal, coletados pela Pesquisa Nacional de Saúde (PNS e pelo Sistema de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas Não Transmissíveis por Inquérito Telefônico (Vigitel no ano de 2013. Métodos Análise de dados advindos da PNS e do Vigitel, pesquisas realizadas no ano de 2013. Foram analisados indicadores sobre tabagismo, consumo de álcool, alimentação e atividade física, segundo sexo, com intervalo de confiança de 95% (IC95%. Resultados: As prevalências encontradas foram: fumantes atuais de cigarro - PNS 12,5% e Vigitel 11,3%; consumo abusivo de bebida alcoólica - PNS 14,9% e Vigitel 16,4%; consumo recomendado de frutas e hortaliças - PNS 41,8% e Vigitel 23,6%; prática de atividade física no tempo livre - PNS 26,6% e Vigitel 33,8%. Conclusão: Os resultados dos indicadores foram semelhantes, em especial quando as perguntas e opções de resposta também eram. As pesquisas são úteis para o monitoramento dos fatores de risco e proteção das DCNT, podendo apoiar programas de promoção da saúde.

  3. Reflexo dos barorreceptores e homeostase da pressão arterial

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anderson Martelli

    2013-12-01

    Full Text Available A hipertensão arterial é considerada um dos principais fatores de risco para a morbidade e mortalidade cardiovascular. Os reflexos originados nos barorreceptores arteriais e nos receptores de estiramento da região cardiopulmonar são os principais mecanismos de controle efetivo da pressão arterial a curto prazo. O reflexo dos barorreceptores é considerado um sistema de controle de alto ganho, que mantém a pressão arterial dentro de limites normais em períodos de segundos a minutos. Dessa forma, esta revisão busca abordar os mecanismos desenvolvidos pelos barorreceptores na homeostase da pressão arterial. No presente artigo foram relatadas as alterações dos reflexos cardiovasculares na hipertensão arterial, focando a distribuição dos barorreceptores e seu funcionamento no restabelecimento da pressão arterial. Para realização desta pesquisa foi realizada uma revisão de artigos científicos utilizando as bases de dados Medline, Scielo e Lilacs. Adicionalmente foram consultados livros de fisiologia humana para complementação das informações sobre a fisiologia do barorreflexo na homeostase da pressão arterial. Estudos clínicos têm mostrado que uma reduzida sensibilidade do barorreflexo está associada com a morte súbita que se segue ao infarto agudo do miocárdio. O entendimento dos reflexos dos barorreceptores e a manutenção da hipertensão arterial em curto prazo são de grande importância para o entendimento da fisiopatogenia envolvidas no desenvolvimento e/ou evolução de determinadas alterações patológicas.

  4. Contextualização dos impactos ambientais em áreas de extração de gemas do Povoado de Taquaral, Itinga (MG

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Rufino Santos

    2016-12-01

    Full Text Available O presente estudo teve como recorte espacial de análise as áreas de extração de gemas do Povoado de Taquaral, no município de Itinga, pertencente ao distrito mineralógico de Araçuaí, MG. Foram visitados oito garimpos elencados a seguir: Lagoa da Malva, Bode, Lajedo, Manguinha, De Zá, Faixa, Piauí e Jurema. Partindo de revisões bibliográficas cujo enquadramento temático se deu no universo dos riscos ambientais, este trabalho apresentou um debate entre dois contextos típicos e dilemáticos dessas áreas. O primeiro contexto (socioeconômico diz respeito à importância histórica da atividade garimpeira de gemas no Vale do Jequitinhonha como geradora de trabalho e renda para muitos indivíduos que habitam a região. O segundo contexto diz respeito à geração de um conjunto de degradações socioambientais que se intensificam com a continuidade da exploração nas áreas de lavra. Partindo desse pressuposto o objetivo se baseou no diagnóstico e na interpretação das relações socioambientais próprias dos ambientes de garimpo e na existência de riscos advindos da atividade no Povoado de Taquaral, Itinga – MG, com ênfase na degradação dos recursos naturais. Tratou-se se uma pesquisa de caráter qualitativo. A abordagem se desenvolveu mediante um estudo de caso obedecendo três etapas sequenciais: a exploratória, a fase de coleta de dados e a de estudos de campo balizada em métodos Ad Hoc. O trabalho constatou a existência de diversas tipologias de riscos, além da condição de vulnerabilidade ecossistêmica local pela exploração mineral sem qualquer tipo de medida de compensação.

  5. COMPARAÇÃO E VALIDAÇÃO DA MODELAGEM ESPACIAL DE RISCOS DE INCÊNDIOS CONSIDERANDO DIFERENTES MÉTODOS DE PREDIÇÃO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Luiz Sá de Oliveira

    Full Text Available Resumo: Os problemas ambientais decorrentes dos incêndios alteram a dinâmica do planeta modificando seus ciclos e destruindo ecossistemas. O homem é responsável por quase a totalidade das queimadas, sendo ele também protagonista das iniciativas de prevenção. Dessa maneira, torna-se necessário um planejamento de ações ao combate desses danos ambientais. Uma vez que a localização geográfica é importante atributo, esta pesquisa objetiva apoiar medidas de prevenção e controle de incêndios gerando e validando mapas com modelos preditivos de riscos de incêndios no município de João Pessoa - PB. Os dados foram modelados, processados, manipulados e analisados no software ArcGIS v10.0 e Matlab, bem como a geração e overlay de mapas temáticos através de análise multicritério, ponderação das variáveis e lógica fuzzy. Foi realizada a validação dos modelos considerando dados reais, onde os resultados demonstraram que os modelos gerados com o auxílio da lógica fuzzy apresentaram um coeficiente de determinação acima de 85%. A variável pluviometria contribuiu significativamente para que os modelos apresentassem maior confiabilidade. Essa variável não foi utilizada e nem recomendada especificamente em outras metodologias comparadas nessa pesquisa. Os fatores que contribuíram para o alto grau de vulnerabilidade de risco de incêndios: alta declividade, presença de vegetação, áreas de alta concentração de pessoas, aglomerados subnormais e regiões dentro da influência da rede viária e hidrografia. Por fim, esse trabalho teve o intuito de contribuir na tomada de decisão dos gestores de meio ambiente, segurança e defesa social de forma rápida e precisa com recurso a poucas variáveis e baixo custo.

  6. Um estudo acerca do uso da gestão de riscos estratégicos na auditoria de gestão da Marinha do Brasil = A study on the use of strategic risk management in audit of the Navy of Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Stella Regina Reis da Costa

    2011-03-01

    Full Text Available Em face das novas perspectivas para os trabalhos de auditoria, agora dirigidos para aspectos relacionados ao desempenho da gestão, e pela notoriedade que o debate a respeito do tema possui, a partir das determinações emanadas pelo órgão máximo de fiscalização do Poder Executivo Federal – O Tribunal de Contas da União –, determinados aspectos afetos ao alcance da excelência da gestãoganharam destaque. Neste estudo, procura-se explorar o impacto que a ferramenta de gerenciamento de riscos promove no desempenho dos processos de gestão das Unidades Jurisdicionadas da Marinha do Brasil, sob a ótica dos resultados estratégicos pretendidos pelo órgão, por meio da pesquisa bibliográfica. Diante disto, e tendo em vista as condicionantes impostas pelo Tribunal de Contas, para apresentação das prestações de contas do erário, verificou-se que a necessidade de implantação do Planejamento Estratégico nas unidades administrativas da Marinha do Brasil ficou imperiosa, que os riscos estratégicos mais relevantes dizem respeito à necessidade de pessoal e material, que os riscos operacionais devem ser acompanhados pelos gestores e que o gerenciamento dos riscos em nível estratégico irá requerer o comprometimento e o acompanhamento permanente dos altos escalões da Administração da Marinha. In the light of new perspectives for the audit work, now directed to issues related to performance management, and the notoriety that the debate on the subject has, as of determinations issued by the highest organ of supervision of the Federal Executive - The Court of Audit - affects certain aspects of the scope of management excellence gained prominence. This study attempts to explore the impact that risk management tool in promoting performance management processes of the units under the jurisdiction of the Navy of Brazil, from the perspective of the strategic outcomes sought by the agency, through the literature search. Given this, and in

  7. Fatores de risco e proteção para doenças crônicas por inquérito telefônico nas capitais brasileiras, Vigitel 2014

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Deborah Carvalho Malta

    2015-12-01

    Full Text Available RESUMO: Objetivo: Descrever as prevalências dos fatores de risco e proteção para doenças crônicas na população adulta brasileira no ano de 2014, e investigar os fatores sociodemográficos associados. Métodos: Análise dos dados provenientes do inquérito telefônico Vigitel 2014, a partir de amostras probabilísticas da população adulta (≥ 18 anos das capitais dos 26 estados brasileiros e Distrito Federal, residentes em domicílios com telefone fixo. Apresentadas prevalências por sexo, idade e escolaridade e razões de prevalências (RP ajustadas, por meio da Regressão de Poisson. Resultados: Entre 40.853 adultos entrevistados, 10,8% são fumantes atuais e 21,2% ex-fumantes. O consumo abusivo de bebidas alcoólicas foi relatado por 16,5 e 52,5% apresentaram excesso de peso, fatores mais frequentes entre os homens. A prevalência do consumo recomendado de frutas e hortaliças foi de 24%, de doces de 18,1% e de substituição das refeições por lanches de 16,2%, maiores entre as mulheres. Atividade física no tempo livre alcançou 35,3% e aumentou com a escolaridade. A hipertensão arterial foi a doença mais frequente, com 24,8%, foi maior entre as mulheres, aumentando com idade. Conclusão: Os resultados do Vigitel 2014 indicam que os fatores de risco investigados costumam ser mais frequentes entre os homens, adultos de maior idade, e menos escolarizados, caracterizando o gradiente socioeconômico e cultural na determinação de doenças crônicas.

  8. Fatores de risco para complicações em extremidades inferiores de pessoas com diabetes mellitus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Emília Pace

    2002-10-01

    Full Text Available O estudo analisou fatores de risco para complicações em pés de pessoas com diabetes em Unidade Ambulatorial. Os dados foram obtidos por meio de entrevista semi-estruturada, avaliação de pés e exames laboratoriais. Os riscos tiveram a análise segundo Zavala e Braver e Sistema de Classificação do Consenso Internacional sobre Pé Diabético, mediante estatística descritiva. Nos resultados, a idade média foi 53,3±13 anos, tempo da doença 12,9±9 e 58% tinham ensino fundamental incompleto. Dentre os riscos, identificou-se complicações microvasculares, hipertensão arterial, nível glicêmico inadequado, sedentarismo, uso de sapatos inapropriados, somadas às alterações dermatológicas e estruturais. No risco para úlceras, obteve-se 19,1% entre as categorias 2 e 3. Os dados reforçaram necessidade de atendimento primário com ênfase na avaliação de riscos e educação do paciente.

  9. Estudo dos fatores de risco nutricionais, clínicos, bioquímicos e comportamentais para as doenças cardiovasculares na população do ensino fundamental de Ouro Preto, Minas Gerais, Brasil,2006

    OpenAIRE

    Cândido, Ana Paula Carlos

    2009-01-01

    As doenças cardiovasculares (DCV) representam a principal causa de morbidade e mortalidade. Os fatores de risco cardiovasculares, tais como, hipertensão arterial, a obesidade, a dislipidemia, o sedentarismo e o diabetes mellitus iniciam-se já na infância. O objetivo principal do projeto foi identificar precocemente os riscos cardiovasculares na população estudada e estabelecer pontos de corte de medidas antropométricas que auxiliem a triagem nutricional. Estudo epidemiológico transversal de b...

  10. Violência física contra a criança : fatores de risco e proteção e padrões de interação na família

    OpenAIRE

    Villas Boas, Ana Carolina Villares Barral

    2014-01-01

    A violência física contra a criança na família tem despertado muitos debates sobre as práticas de socialização das gerações mais novas e a violação dos direitos da criança. A violência física atinge milhares de famílias, e muitos casos ocorrem em situações em que os pais punem os filhos como forma de educá-los. Diversas pesquisas apontam para fatores de risco relacionados a esse tipo de violência, tais como a experiência dos pais na família de origem, suas crenças sobre a punição física e a d...

  11. A produção científica sobre riscos ocupacionais a que estão expostos os trabalhadores de enfermagem La producción científica sobre riesgos ocupacionales a que están expuestos los trabajadores de enfermería The scientific production about occupational risks to which the nursing workers are exposed

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Magda Ribeiro de Castro

    2008-06-01

    Full Text Available Estudo realizado no Curso de Mestrado na Escola de Enfermagem Anna Nery, inserido no Núcleo de Pesquisa em Enfermagem e Saúde do Trabalhador da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Objeto: a produção científica sobre riscos ocupacionais a que estão expostos os trabalhadores de enfermagem. Objetivos: levantar a produção científica dos estudos stricto sensu acerca dos riscos ocupacionais nos trabalhadores de enfermagem; identificar a abordagem (objetiva ou subjetiva acerca desses riscos e analisar os riscos retratados. Estudo bibliográfico e quantitativo dos 42 resumos publicados no Centro de Estudos e Pesquisas em Enfermagem entre 1979 e 2004. Riscos mais expressivos: biológicos, seguidos dos químicos, dos psicossociais e, em menor escala, dos físicos, de acidentes e ergonômicos. Percebeu-se reduzida ênfase dispensada à subjetividade do trabalhador de enfermagem associada à temática estudada, sugerindo lacuna nesta área de conhecimento. Faz-se necessária a reflexão desses riscos na enfermagem, atentando para sua identificação, detecção e controle.Estudio realizado en el Curso de Maestría de la Escuela de Enfermería Anna Nery, inserto en el Núcleo de Investigación en Enfermería y Salud del Trabajador de la Universidad Federal de Río de Janeiro. Objeto: la producción científica sobre riesgos ocupacionales a que están expuestos los trabajadores de enfermería. Objetivos: hacer un búsqueda de la producción científica de los estudios stricto sensu acerca de los riesgos ocupacionales en los trabajadores de enfermería; identificar el abordaje (objetivo o subjetivo acerca de los riesgos y analizar los riesgos retratados. Estudio bibliográfico y cuantitativo de 42 resúmenes publicados en el Centro de Estudios e Investigación en Enfermería entre 1979 a 2004. Riesgos mas expresivos: biológicos, seguido de químicos, psicosociales y en menor escala, los físicos, accidentes y riesgos ergonómicos. Se percibi

  12. Caracterização epidemiológica e fatores de risco associados à infecção por Brucella ovis em ovinos deslanados do semiárido paraibano

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabrine A. Santos

    2013-04-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo determinar a prevalência de rebanhos ovinos positivos (focos e de animais soropositivos para Brucella ovis na mesorregião do Sertão, Estado da Paraíba, Nordeste do Brasil, bem como identificar fatores de risco. Foram colhidas amostras de sangue de 1.134 animais procedentes de 103 rebanhos em 17 municípios. Para o diagnóstico sorológico da infecção por B. ovis foi utilizado o teste de imunodifusão em gel de ágar (IDGA. Um rebanho foi considerado positivo quando apresentou pelo menos um animal soropositivo. Das 103 propriedades utilizadas 21 (20,39% apresentaram pelo menos um animal soropositivo e dos 1.134 animais, 59 (5,20% foram soropositivos. Realizar higiene nas instalações com periodicidade anual (odds ratio = 7,13; IC 95% = 1,56-32,47; p=0,011 e aquisição de animais (odds ratio = 6,06; IC 95% = 1,39-26,48; p=0,017 foram identificados como fatores de risco. Com base na análise de fatores de risco, recomenda-se a realização de diagnóstico da infecção por B. ovis previamente à aquisição de animais e realização periódica de higienização das instalações.

  13. Fatores de risco para hospitalização de crianças e adolescentes asmáticos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Laura Lasmar

    2002-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a ocorrência e os fatores de risco associados à hospitalização de um grupo de crianças asmáticas e realizar diagnóstico da assistência à saúde desses pacientes. MÉTODOS: Foram estudados 325 pacientes (crianças e adolescentes asmáticos, registrados em um ambulatório de referência, sendo que 202 já haviam sido hospitalizados. O diagnóstico da assistência prestada foi feito por meio de formulário que abordou características gerais das hospitalizações e fatores biológicos, demográficos, socioeconômicos e os relacionados à asma. Análises univariada e multivariada foram empregadas para verificar a associação entre variáveis independentes e a ocorrência de hospitalização. RESULTADOS: Dos pacientes estudados, 62,2% já haviam sido hospitalizados durante sua moléstia, 64,9% iniciaram crises, e 60,9% se internaram no primeiro ano de vida. A maioria (76,0% apresentava formas clínicas moderadas e graves. Apesar disto, 94,2% não estavam em uso de drogas profiláticas, recebendo assistência apenas durante o episódio agudo. Nenhum dos pacientes se encontrava vinculado à atenção primária para controle periódico da doença e profilaxia com corticosteróides inalados. Os familiares (97,8% não dispunham de conhecimentos básicos necessários ao manejo da asma. Os principais fatores de risco para hospitalização foram: a idade de início dos sintomas antes de 12 meses de idade (OR=3,20, IC95%, 1,55-6,61 ou entre 12 e 24 meses (OR=3,89, IC95%, 1,62-9,36, a escolaridade materna inferior a sete anos de estudos (OR=3,06, IC95%, 1,62-5,76, a gravidade da doença (OR=2,32, IC95%, 1,36-3,96, o número de consultas a serviços de urgência igual ou superior a duas vezes por mês (OR=2,19, IC95%, 1,24-3,88 e o diagnóstico de encaminhamento de pneumonia de repetição (OR=2,00; IC95%, 1,06-3,80. CONCLUSÃO: Com vistas à redução dos índices de hospitalização, os serviços de saúde devem se organizar para

  14. Fatores de risco para hospitalização de crianças e adolescentes asmáticos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lasmar Laura

    2002-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a ocorrência e os fatores de risco associados à hospitalização de um grupo de crianças asmáticas e realizar diagnóstico da assistência à saúde desses pacientes. MÉTODOS: Foram estudados 325 pacientes (crianças e adolescentes asmáticos, registrados em um ambulatório de referência, sendo que 202 já haviam sido hospitalizados. O diagnóstico da assistência prestada foi feito por meio de formulário que abordou características gerais das hospitalizações e fatores biológicos, demográficos, socioeconômicos e os relacionados à asma. Análises univariada e multivariada foram empregadas para verificar a associação entre variáveis independentes e a ocorrência de hospitalização. RESULTADOS: Dos pacientes estudados, 62,2% já haviam sido hospitalizados durante sua moléstia, 64,9% iniciaram crises, e 60,9% se internaram no primeiro ano de vida. A maioria (76,0% apresentava formas clínicas moderadas e graves. Apesar disto, 94,2% não estavam em uso de drogas profiláticas, recebendo assistência apenas durante o episódio agudo. Nenhum dos pacientes se encontrava vinculado à atenção primária para controle periódico da doença e profilaxia com corticosteróides inalados. Os familiares (97,8% não dispunham de conhecimentos básicos necessários ao manejo da asma. Os principais fatores de risco para hospitalização foram: a idade de início dos sintomas antes de 12 meses de idade (OR=3,20, IC95%, 1,55-6,61 ou entre 12 e 24 meses (OR=3,89, IC95%, 1,62-9,36, a escolaridade materna inferior a sete anos de estudos (OR=3,06, IC95%, 1,62-5,76, a gravidade da doença (OR=2,32, IC95%, 1,36-3,96, o número de consultas a serviços de urgência igual ou superior a duas vezes por mês (OR=2,19, IC95%, 1,24-3,88 e o diagnóstico de encaminhamento de pneumonia de repetição (OR=2,00; IC95%, 1,06-3,80. CONCLUSÃO: Com vistas à redução dos índices de hospitalização, os serviços de saúde devem se organizar para

  15. Adesão ao Tratamento em Gestação de Alto Risco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabíola Langaro

    Full Text Available No Brasil, aproximadamente 15% das gestações são de alto risco, sendo os diagnósticos de diabetes gestacional e hipertensão as causas mais frequentes dessa condição. Para a efetividade dos tratamentos indicados nesses casos, bem como alcance de desfechos favoráveis, é essencial a adesão da paciente às recomendações fornecidas pelas equipes de saúde, o que torna fundamental a avaliação desse indicador. A pesquisa apresentada avaliou a adesão de participantes de um programa de atendimento interdisciplinar a gestantes de alto risco desenvolvido em um hospital geral privado por meio de três instrumentos: Questionário Morisky-Green de adesão ao uso de medicação, Questionário de Adesão ao Tratamento e Pergunta descritiva de avaliação qualitativa. Durante oito meses, 83 gestantes responderam aos questionários, que possibilitaram identificar níveis de adesão ao longo do tempo de participação no programa, situações de não adesão mais frequentes, bem como variáveis que interferem nas medidas de adesão ao uso de medicação e ao tratamento global. Considera-se que os índices levantados são passíveis de uso como indicadores clínicos e gerenciais, possibilitando a comprovação da efetividade e melhoria constante das rotinas de saúde. Tais mecanismos são úteis para definição de protocolos, discussão de casos clínicos e mesmo para feedbackàs próprias pacientes.

  16. A RELAÇÃO DE RISCO E RETORNO NAS EMPRESAS INTEGRANTES DO ÍNDICE DE SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL NO PERÍODO DE 2008 a 2010

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diego Rodrigues Boente

    2012-06-01

    Full Text Available O mercado financeiro mundial identificou a eminência por investimento socialmente responsável tocado pelas organizações empresariais devido à pressão da sociedade em incentivá-las a seguir o modelo de desenvolvimento sustentável e, por isso, criou índices com o objetivo de reuni-las como forma de averiguar a rentabilidade dessas aplicações: no Brasil, em 2005, foi criado o índice de ustentabilidade empresarial (ISE. Tal questão representa um desafio para as organizações porque existe uma controvérsia acerca disso, pois, de um lado, a corrente teórica do shareholder defende que as empresas devem gerar valor somente ao acionista e, pela corrente teórica do stakeholder, esse grupo se estende à sociedade, clientes, fornecedores etc. Diante dessa controvérsia acadêmica, estudos realizados no cenário brasileiro verificaram se as organizações sustentáveis foram mais lucrativas ou não em relação às organizações que não adotaram essa prática, no entanto os resultados apontados nesses estudos foram conflitantes entre si. Desse modo, como forma de contribuir para discussão do tema, este estudo teve como objetivo investigar a relação de risco e retorno das empresas integrantes do ISE no período de 2008 a 2010, verificando se elas apresentaram retornos médios maiores e riscos sistêmicos menores. Para alcançar esse objetivo foi utilizado o teste F a 5% de significância. Os resultados encontrados sugerem que a diferença dos retornos médios e dos riscos sistemáticos da amostra, comparados aos valores de um grupo controle pares a ela, não foram significativas, portanto as empresas listadas no ISE não ofereceram vantagens relevantes em nenhum período analisado. Recomendam-se outras pesquisas sobre o tema incluindo o segmento bancos pertencentes ao ISE e um período maior de investigação.

  17. Fatores de risco na gagueira desenvolvimental familial e isolada Risk factors in the familial and sporadic developmental stuttering

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristiane Moço Canhetti de Oliveira

    2011-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: investigar e comparar os achados dos fatores de risco para a cronicidade da gagueira em crianças com gagueira desenvolvimental familial e isolada. MÉTODOS: participaram 60 crianças de ambos os gêneros, divididas em dois grupos: GI - 30 crianças com gagueira desenvolvimental familial; GII - 30 crianças com gagueira desenvolvimental isolada. A coleta de dados foi realizada por meio do Protocolo de Risco para a Gagueira do Desenvolvimento - PRGD (Andrade, 2006, que considera os seguintes fatores de risco: idade, gênero, tipo de surgimento e tempo de duração das disfluências, tipologia das disfluências, fatores comunicativos e qualitativos associados, histórico mórbido pré, peri e pós natal, fatores estressantes que ocorreram próximo ao surgimento do distúrbio, histórico familial, reação pessoal, familiar e social e atitudes familiares. RESULTADOS: quando o grupo I (GI foi comparado com o grupo II (GII, a única diferença estatisticamente significante foi com relação aos fatores estressantes que ocorreram próximo ao surgimento do distúrbio. CONCLUSÃO: os resultados confirmam a natureza complexa da gagueira, bem como a necessidade de se investigar os vários fatores considerados como de risco para o distúrbio, com intuito de melhorar a compreensão de suas possíveis etiologias.PURPOSE: to investigate and compare the risk factors for stuttering between children with familial developmental stuttering and children with sporadic developmental stuttering. METHODS: 60 children of both genders with stuttering took part, divided in two groups: GI - 30 children with familial developmental stuttering; GII - 30 children with sporadic developmental stuttering. Data were gathered through the Protocol of Risk for the Developmental Stuttering - PRGD (Andrade, 2006, which considers the following factors: age; gender; manner of onset and time of duration for the disfluencies; typology of the disfluencies; associated communicative

  18. Treinamento resistido reduz riscos cardiovasculares em idosas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luís Ângelo Macêdo Santiago

    2015-08-01

    volume muscular, demonstrando ser uma estratégia eficiente para a diminuição dos fatores de riscos de doenças cardiovasculares.

  19. Antenas do legislativo : uma analise dos canais de televisão do Poder Legislativo no Brasil

    OpenAIRE

    Marcia de Almeida Jardim

    2008-01-01

    Resumo: O objetivo desta tese é explicar o impacto da TV legislativa sobre o comportamento parlamentar. A hipótese é a de que a TV legislativa tem potencial para estimular mecanismos de accountability, primeiro, porque seu modelo tem características que a tornam "accountable", no sentido de contribuir para a informação (e formação) do cidadão e, segundo, porque ela estimula comportamento responsivo dos representantes no exercício do seu mandato. Outra hipótese é a de que o impacto da TV legis...

  20. O excesso de confiança dos produtores de milho no Brasil e o uso de contratos futuros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José César Cruz Júnior

    2011-06-01

    Full Text Available O objetivo deste artigo foi identificar sinais de excesso de confiança nos preços entre produtores de milho do Sul e do Centro-Oeste do Brasil. Entre outubro e novembro de 2008, 90 produtores foram selecionados para responderem questões relacionadas a seus conhecimentos do mercado futuro e a suas expectativas de preços. Uma grande parte dos entrevistados respondeu que não negociava contratos futuros por não possuir informação suficiente para isso. Os resultados revelaram que os produtores foram descalibrados quando estimaram os preços esperados na forma direta e indireta. Além disso, para a maior parte dos respondentes, a variância subjetiva obtida por meio dos questionários foi estatisticamente inferior à variância do mercado. Isto mostra que os produtores possuem uma percepção de risco inferior ao risco de mercado. Por fim, o artigo conclui que o efeito de excesso de confiança pode, parcialmente, explicar o baixo uso do mercado futuro de milho por parte dos produtores brasileiros, para garantir a proteção de preço do produto.This paper aimed to identify signs of overconfidence among corn producers in the Southern and Central-Western regions in Brazil. Between October and November 2008, 90 farmers were chosen to answer questions regarding their knowledge of futures markets and price expectations. Most part of agents surveyed answered that they do not trade futures contracts because they do not have enough information. Results showed that respondents were miscalibrated when estimating directly-stated and the indirectly-stated expected prices. In addition, for most respondents, subjective variance for corn proves to be significantly less than the market variance, implying that producers perceive a risk that is lower than that of the market. Finally, the paper concludes that the overconfidence effect can partially explain the low use of futures markets by Brazilian corn producers to hedge their production.

  1. Perfil dos acidentes de trabalho em refinaria de petróleo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Augusto Vaz de Souza

    2002-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: O trabalho em refinarias de petróleo envolve o risco de acidentes triviais e ampliados. Os dados nacionais apontam para a relevância dos acidentes nesse setor. Assim, realizou-se pesquisa com o objetivo de identificar o perfil e avaliar a adequação dos instrumentos de registro dos acidentes de trabalho em refinaria. MÉTODOS: Foram padronizadas e analisadas informações referentes aos acidentes de trabalho nas atividades de produção e manutenção registradas em uma refinaria de petróleo do Estado do Rio de Janeiro, no ano de 1997. A população estudada constituiu-se de 153 pessoas, sendo 83 trabalhadores próprios lesionados e 69 trabalhadores terceirizados lesionados. As variáveis analisadas foram: tipo de acidente, modo de operação e função do trabalhador lesionado. RESULTADOS: Em relação aos trabalhadores próprios, houve predominância dos chamados acidentes triviais (54,2% e quanto ao modo de operação, houve concentração dos acidentes nas atividades em operação normal (62,9%. Quanto aos trabalhadores terceirizados, os acidentes triviais (75,5% tiveram predominância mais acentuada; e quanto ao modo de operação, houve um domínio quase total dos acidentes na atividade de manutenção (96,8%. CONCLUSÕES: Os resultados mostraram um perfil de acidentes que afeta principalmente os níveis hierárquicos mais baixos, concentrando-se de modo geral nas atividades de manutenção, além da necessidade de modificações no sistema de registro e investigação de acidentes por parte da empresa.

  2. A experimentação do risco na carreira criativa: o caso de mestres da cultura do artesanato cearense [doi: 10.5329/RECADM.2013014

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia de Freitas Duarte

    2013-09-01

    Full Text Available Neste artigo, argumentamos que o risco se tornou um elemento cada vez mais presente para as pessoas na experimentação da vida contemporânea, sobretudo no aspecto profissional. Sendo uma pesquisa teórico-empírica de natureza qualitativa, investigamos a forma como o risco é experimentado em carreiras criativas, neste caso, especificamente, em carreiras de artesãos detentores do título de “Mestres da Cultura Tradicional Popular”, concedido pelo Governo do Estado do Ceará. Articulando a literatura acerca de risco e carreiras criativas junto aos relatos das experiências dos entrevistados, concluímos que, embora haja divergências nos fatores de proteção mobilizados pelos artesãos para lidarem com o risco em suas vidas profissionais, eles encararam e guiaram seus comportamentos frente a essa experimentação de modos muito similares. Foi a partir dessas similaridades que os artesãos conseguiram repensar os seus modos de trabalho; descobrir alternativas para lidar com a experimentação do risco em suas vidas; encontrar maneiras para pensarem os significados de seu ofício; e, por fim, elaborar modos alternativos para permanecerem na construção de suas carreiras criativas.   Palavras-chave: artesão; risco; carreira criativa; trabalho; vida profissional. THE RISK EXPERIMENTATION IN THE CREATIVE CAREER: THE CASE OF MASTERS OF THE CEARENSE CULTURE CRAFT Abstract Risk has become ever more present during the experimentation of contemporary life, particularly in the professional field. From this argument, this qualitative research investigates how the risk is experienced or lived in creative careers, specifically, in careers of artisans awarded with the title of "Masters of Traditional Popular Culture", granted by the State Government of Ceará. We articulate the literature on risk and creative careers together with the reports of the experiences of the respondents in a such way that led us conclude that although there are differences

  3. Hepatitis C and associated risks in prisons: an integrative review Hepatite C e riscos associados em presídios: uma revisão integrativa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Telma Maria Evangelista de Araújo

    2017-10-01

    Full Text Available O presente estudo teve como objetivo conhecer a produção científica atual sobre a prevalência de hepatite C e riscos associados nos presídios e publicados na literatura científica. Trata-se de uma revisão integrativa realizada nas bases de dados Web of Science, CINAHL e Lilacs, incluindo artigos nacionais e internacionais publicados entre 2009 a 2014. A partir dos critérios de inclusão e exclusão, foram selecionados 16 artigos. Predominaram os artigos descritivos (37,5%, transversais (50%. Todos apresentaram nível IV de evidência científica. A prevalência de Hepatite C foi variada e os principais fatores de risco associados à positividade para hepatite C foram o uso de drogas injetáveis, presença de tatuagem, idade. Por ser uma doença de longo curso assintomático, a hepatite C revela-se como um problema relevante no sistema prisional, exigindo mais atenção no sentido de produzir conhecimentos que orientem a adoção de medidas efetivas de controle e prevenção.

  4. Comportamento do Consumidor Esportivo no Ambiente Virtual: Um Estudo das Ações e Práticas de Mercado Brasileiro, Espanhol e Português.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raquel Rodrigues de Amorim

    2015-01-01

    Full Text Available Neste estudo buscou-se primeiramente descobrir como a rede social está sendo utilizada pelas empresas esportivas como uma ferramenta de marketing digital e quais as principais características do marketing digital na busca ou estreitamento da comunicação entre os clubes de futebol e seus consumidores. Para isso foi dividida em quatro partes esta pesquisa; sendo a primeira uma ampliação do referencial teórico em que buscamos compreender mais sobre todas as questões a serem pesquisadas. Em uma segunda parte fizemos um estudo a partir dos websites dos clubes de futebol integrantes da amostra para uma avaliação e analise das possíveis falhas ou melhorias a serem questionadas pelos consumidores. Em seguida foi realizada a coleta dos dados a partir de questionários digitais apresentados a torcedores e/ou simpatizantes dos clubes predefinidos para a amostra e por último foi feito a análise dos dados através do programa estatístico SPSS, resultando na obtenção dos resultados através dos testes de Alpha de Crombach, Levene e Tukey. A partir das analises e resultado obtido chegou-se a uma conclusão do uso do meio virtual na busca de uma melhor percepção da satisfação dos consumidores esportivos.

  5. Evento com aparente risco de morte: uma revisão Evento con aparente riesgo de muerte (alte: una revisión Apparent life-threatening event: a review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariana Tresoldi das N. Romaneli

    2012-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Realizar uma revisão crítica reunindo informações disponíveis a respeito dos eventos com aparente risco de morte. FONTES DE DADOS: Revisão bibliográfica dos artigos (em português, inglês e espanhol obtidos dos bancos de dados eletrônicos Medline, Lilacs e SciELO, utilizando as palavras-chave: eventos com aparente risco de morte, evento com aparente risco de vida infantil, lactente, apneia, monitorização e cianose. SÍNTESE DOS DADOS: Os eventos com aparente risco de mortesão súbitos e caracterizados por uma combinação de apneia, alteração na coloração da pele e tônus muscular, com inúmeras causas subjacentes. Sua incidência verdadeira é desconhecida e a faixa etária mais acometida é de 11 a 12 semanas. Não há correlação entre o evento com aparente risco de morte e a síndrome da morte súbita do lactente, embora já tenham sido consideradas manifestações da mesma doença. Muitas vezes, o lactente tem aparência saudável ao ser avaliado pelo pediatra após apresentar eventos com aparente risco de morte, porém, isso não afasta a possibilidade de existir uma doença grave associada ao evento, que deve ser investigada e tratada. Quando não são encontradas as causas, o evento é idiopático, geralmente com boa evolução. CONCLUSÕES: É necessário investigar os lactentes levados ao pronto-socorro após apresentarem eventos com aparente risco de morte, devido ao risco de sequelas e mortalidade. Não há uma padronização das condutas a serem realizadas diante de um lactente com aparência saudável que tenha evento com aparente risco de morte, mas recomenda-se que o paciente seja internado e a causa do evento, investigada. A observação e o monitoramento em ambiente hospitalar devem ocorrer no mínimo 24 horas após o evento.OBJETIVO: Realizar una revisión crítica, reuniendo las informaciones disponibles respecto a los Eventos con Aparente Riesgo de Muerte (ALTE - Apparent life-threatening event

  6. Compreensibilidade dos relatórios contábeis e financeiros de companhias de capital aberto listadas na BM&FBOVESPA: uma análise das percepções dos usuários investidores

    OpenAIRE

    Cotrim, Carlos Henrique Pileggi

    2012-01-01

    A participação dos investidores pessoas físicas no mercado de capitais brasileiro mostrou-se crescente nos últimos dez anos com evolução de cerca de 85 mil em 2002 para mais de 600 mil em 2011. A BM&FBOVESPA tem a meta de chegar a cerca de 5 milhões de investidores pessoas físicas até o final de 2018 e nesse contexto estão intrínsecos os riscos do investimento em ações aos quais o investidor brasileiro recente está pouco acostumado, em razão da com-plexidade desse mercado. Sendo indispensável...

  7. Embolia gasosa venosa inadvertida durante cesariana: bolsas retráteis ​​para líquidos intravenosos sem saídas autovedantes oferecem riscos. Relato de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mefkur Bakan

    2013-08-01

    Full Text Available O anestesiologista deve estar ciente das causas, do diagnóstico e do tratamento de embolia venosa e adotar padrões de prática para prevenir sua ocorrência. Embora a embolia gasosa seja uma complicação conhecida da cesariana, descrevemos um caso raro de desatenção que causou embolia gasosa iatrogênica quase fatal durante uma cesariana sob raquianestesia. uma das razões para o uso de bolsas autorretráteis para infusão em vez dos frascos convencionais de vidro ou plástico é a precaução contra embolia gasosa. Também demonstramos o risco de embolia venosa com o uso de dois tipos de bolsas plásticas retráteis (à base de cloreto de polivinil [PVC] e de polipropileno para líquidos intravenosos. As bolsas para líquidos sem saídas autovedantes apresentam risco de embolia gasosa se o sistema de fechamento estiver quebrado, enquanto a flexibilidade da bolsa limita a quantidade de entrada de ar. bolsas à base de pvc, que têm mais flexibilidade, apresentam risco significativamente menor de entrada de ar quando o equipo de administração intravenosa (IV é desconectado da saída. usar uma bolsa pressurizada para infusão rápida sem verificar e esvaziar todo o ar da bolsa IV pode ser perigoso.

  8. INDICADORES ANTROPOMÉTRICOS E FATORES DE RISCO CARDIOVASCULAR EM TRABALHADORES RURAIS

    OpenAIRE

    Pohl, Hildegard Hedwig; Arnold, Elise Ferreira; Dummel, Kely Lisandra; Cerentini, Taís Marques; Reuter, Éboni Marília; Reckziegel, Miriam Beatris

    2018-01-01

    RESUMO Introdução: A obesidade tem provocado diversos agravos à saúde, impulsionada pela industrialização, avanços tecnológicos, urbanização e estilo de vida; esses aspectos estão relacionados com disfunções cardiovasculares. Diversos fatores estão associados aos problemas saúde da população, os quais podem ser previamente identificados com técnicas simples, como medidas antropométricas e escores de risco, usadas para determinar possíveis riscos. Objetivo: Relacionar variáveis antropométric...

  9. Riscos percebidos pelo consumidor e estratégias para minimizá-los no consumo de saladas de horataliças cruas em restaurantes à la carte

    OpenAIRE

    Mariana Schievano Danelon

    2012-01-01

    Resumo: O padrão alimentar da população brasileira tem sido caracterizado, entre outros aspectos, pelo reduzido consumo de hortaliças e pelo crescimento do número de refeições realizadas fora do domicílio. A utilização dos serviços de alimentação pode representar oportunidade para a inclusão de variedade de hortaliças na dieta. Tem sido pouco estudado, no Brasil, o comportamento do consumidor quando se alimenta fora de casa. Este pode ser influenciado pelos riscos percebidos em uma situação d...

  10. Fatores de risco de aterosclerose na infância. Um estudo epidemiológico Risk factors of atherosclerosis in children. An epidemiologic study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Zoffi Roberto S. Gerber

    1997-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Obter um perfil dos fatores de risco coronário em uma amostra populacional pediátrica da cidade de Bento Gonçalves, RS, no período de maio/90 a junho/91. MÉTODOS: Foram estudados 1501 escolares de 6 a 16 anos incompletos, visando a detecção dos níveis séricos de colesterol total, lipoproteínas, triglicerídeos, bem como a avaliação da pressão arterial e da história familiar de doença cardiovascular isquêmica e obesidade. RESULTADOS: Foram detectadas 420 (27,98% crianças com hipercolesterolemia, sendo que 75 (5% apresentavam hipertensão arterial sistólica e 48 (3,20% hipertensão arterial diastólica. A história familiar foi importante quando positiva, porém, sua ausência não excluia a presença de fatores de risco para a aterosclerose. A hipertrigliceridemia foi encontrada em 136 (9,06% escolares e a LDL-colesterol elevada em 155 (10,33%, mostrando forte associação com hipercolesterolemia. Apresentaram índice de massa corporal acima de percentil 95, não mostrando uma maior prevalência de hipercolesterolemia, 111 crianças. CONCLUSÃO: Os fatores de risco para a aterosclerose estão presentes na infância e deveriam ser pesquisados independentemente do nível socioeconômico, da história familiar, da idade e do sexo, devendo o pediatra ser um dos responsáveis por esta investigação.PURPOSE: To obtain a profile of risk factors for coronary atherosclerosis in a pediatric population from Bento Gonçalves, Rio Grande do Sul, from May 1990 to June 1991. METHODS: One thousand five hundred and one children with ages from 6 to 15 years were studied to assess serum cholesterol levels and their association with other risk factors, such as arterial hypertension, obesity and family history of cardiovascular disease. RESULTS: Four hundred and twenty (27.98% children showed cholesterol levels over 180mg%; 75 (5% had systolic hypertension and 48 (3.20% diastolic hypertension. The family history was important to search

  11. Non classical risk factors for gestational diabetes mellitus: a systematic review of the literature Fatores de risco não clássicos para diabetes mellitus gestacional: uma revisão sistemática da literatura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Alice Souza de Oliveira Dode

    2009-01-01

    Full Text Available Age, obesity and family history of diabetes are well known risk factors for gestational diabetes mellitus. Others are more controversial. The objective of this review is to find evidence in the literature that justifies the inclusion of these other conditions among risk factors. The MEDLINE, Cochrane, LILACS and Pan American Health Organization databases were searched, covering articles dating from between 1992 and 2006. Keywords were used in combination (AND with gestational diabetes mellitus separately and with each one of the risk factors studied. The methodological quality of the studies included was assessed, resulting in the selection of 41 papers. Most studies investigating maternal history of low birth weight, low stature, and low level of physical activity have found positive associations with gestational diabetes mellitus. Low socioeconomic levels, smoking during pregnancy, high parity, belonging to minority groups, and excessive weight gain during pregnancy presented conflicting results. Publication bias cannot be ruled out. Standardization of techniques, cutoff points for screening and diagnosis, as well as studies involving larger sample sizes would allow future meta-analyses.Idade, obesidade e história familiar de diabetes são fatores de risco bem conhecidos para diabetes mellitus gestacional. Outros são controversos. O objetivo desta revisão é encontrar evidências na literatura que justifiquem a inclusão dessas condições entre os fatores de risco. Bases de dados MEDLINE, Cochrane, LILACS e Organização Pan-Americana da Saúde foram procuradas. A revisão incluiu artigos de 1992 a 2006. Palavras-chave foram usadas em combinação com diabetes mellitus gestacional separadamente e com cada um dos fatores de risco estudados. A qualidade metodológica dos estudos incluídos foi medida, totalizando 41 estudos. A maioria dos trabalhos que investigaram história materna de baixo peso, baixa estatura e baixa atividade f

  12. Análise microbiológica do ambiente e dos uniformes de trabalhadores de lavanderia de indústria de produtos de origem animal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Simone Caldas Tavares Mafra

    2010-06-01

    Full Text Available As empresas de alimentos têm se preocupado com a qualidade sanitária dos produtos que oferecem, que podem, em casos extremos, refletir-se pelo bloqueio às exportações, perdas de mercado, penalidades e procedimentos sanitários. Entretanto, muitas empresas não têm considerado que, para se obter um produto de qualidade, é necessário o controle de fatores envolvidos no processo de produção de alimentos, como a lavanderia, e os uniformes por ela higienizados e usados no setor de produção, os quais necessitam ser devidamente desinfetados para não comprometer a qualidade do produto final. Este estudo objetivou identificar os riscos biológicos que o ambiente oferece aos trabalhadores de lavanderias de indústria de abate e processamento de suínos e aves, em Minas Gerais. Foram realizadas análises microbiológicas dos ambientes, com placas contendo meios de cultura seletivos para micro-organismos aeróbios, enterobacteriaceae, bolores e leveduras, coliformes, E. coli, e Staphylococcus aureus. Em relação aos riscos biológicos, tanto o ar do ambiente quanto as roupas sujas possuíam um elevado número de micro-organismos, com contagem mais elevada para leveduras, bolores, micro-organismos aeróbios e Staphylococcus aureus. Com o estudo foi possível comprovar que o ambiente de trabalho lavanderia de indústria de produtos de origem animal merece atenção especial, por ser um local de trabalho insalubre e pelo processo de higienização dos uniformes ter consequências na qualidade higiênico-sanitária dos produtos processados, reforçando a necessidade de informações específicas sobre estas lavanderias.

  13. Fatores determinantes do risco país brasileiro: uma análise empírica do risco país específico Determinant Factors of Brazilian Country Risk: An Empirical Analysis of Specific Country Risk

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariana Felix Teixeira

    2008-07-01

    Full Text Available Muitos estudos em finanças internacionais tentam investigar até que ponto fatores econômicos externos e internos constituem fatores determinantes significativos do risco-país. O presente artigo tem como finalidade estudar o Risco Brasil no período 1992-2003, com base em três modelos: i o primeiro modelo analisa os determinantes econômicos internos do risco-país; ii o segundo modelo tem o mesmo propósito do primeiro, sendo que a variável grau de aversão ao risco global, que serve de proxy para o componente externo do risco, é incluída no grupo de variáveis explicativas; iii no último modelo, o enfoque é sobre a relação entre o risco-país específico (risco-país menos o componente externo e os fundamentos econômicos. Many studies in international finance try to investigate to what extent domestic and external economic factors constitute significant determinant factors of international country risk. This article tries to analyze, for the period 1992-2003, Brazilian country risk from the point of view of three empirical models: i First, the internal economic determinants of the country risk; ii the second has the same purpose as the first, with the difference that the variable “intensity of global risk aversion”, that serves as proxy for the external component of the risk, is included in the group of explanatory variables; iii in the last model the emphasis is on the relation between specific country risk (country risk minus the external component and the internal and external economic determinants.

  14. Perfil dos servidores da Universidade Federal do Espírito Santo com empréstimo consignado

    OpenAIRE

    Ribeiro, Anneliza Baptista

    2014-01-01

    O crédito consignado é uma modalidade de empréstimo cujo valor da parcela incide sobre o salário do devedor. Com alto índice de adesão nos últimos anos, é o meio de acesso ao crédito mais comum entre os servidores públicos, pelas baixas taxas de juros, entre outros atrativos, o que contribui para expor a risco seus vencimentos com dívidas. Buscando atender ao objetivo principal de identificar se características do perfil demográfico dos servidores ativos da Universidade Federal do Espírito...

  15. Percepção e medidas de gestão de riscos por produtores de arroz irrigado na Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul Risk perception and risk management measures by irrigated rice growers in Fronteira Oeste, Rio Grande do Sul

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Isabel Fernandes Finger

    2013-05-01

    Full Text Available A produção agrícola apresenta características particulares, se comparada a outras atividades econômicas, sendo uma das mais marcantes a extensão dos riscos aos quais está exposta. O cultivo de arroz (Oryza sativa L. irrigado, embora pareça menos suscetível do que as culturas de sequeiro, também está exposto a riscos. Maior produtor mundial de arroz fora da Ásia, o Brasil tem no Rio Grande do Sul seu principal estado produtor. O objetivo deste trabalho foi analisar como o orizicultor da Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul percebe os riscos da sua atividade e quais medidas adota para geri-los. A metodologia empregada envolveu aplicação presencial de questionários a orizicultores, de acordo com uma amostra não probabilística. Os resultados indicaram que os orizicultores atribuem maior relevância aos riscos socioeconômicos do que aos de produção. Evidencia-se, assim, a importância da gestão do negócio pelos orizicultores, para que sua atividade esteja integrada com os demais elos da cadeia produtiva. A redução de custos pode ser uma alternativa para mitigação de riscos de mercado, apontados como os mais relevantes pelos orizicultores. A percepção dos orizicultores sobre riscos e sobre medidas para mitigá-los pode representar a base na formulação de estratégias de gestão de riscos.Agricultural production has many different influencing factors compared to other economic activities. One of the most striking is the extent of the risks to which it is exposed. Irrigated rice (Oryza sativa L. cultivation, although seeming less susceptible than non-irrigated crops, is also exposed to risks. World's largest producer of rice outside Asia, Brazil has the state of Rio Grande do Sul as its main producer. The aim of this study was to analyze how rice farmers in Fronteira Oeste, Rio Grande do Sul realize the risks of their activity and how they manage them. Methodology involved the administration of a questionnaire, according to

  16. Fatores de risco para otite média aguda recorrente: onde podemos intervir? - uma revisão sistemática da literatura Systematic literature review of modifiable risk factors for recurrent acute otitis media in childhood

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Faibes Lubianca Neto

    2006-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Revisar evidências sobre fatores de risco modificáveis para otite média aguda recorrente. FONTE DOS DADOS: MEDLINE sem restrição de linguagem de janeiro de 1966 até julho de 2005, utilizando descritores "acute otitis media/risk factors". Obtiveram-se 257 artigos. Desses, incluíram-se ensaios clínicos randomizados, coortes, estudos de caso-controle e transversais que tiveram análise dos fatores de risco modificáveis para desenvolvimento de otite média aguda recorrente como objetivo principal e com amostras de indivíduos de até 18 anos. Excluíram-se, exceto quando relevantes, revisões não-sistemáticas, relatos de casos e série de casos, além de diretrizes de sociedades médicas. SÍNTESE DOS DADOS: Identificaram-se nove fatores de risco ligados ao hospedeiro e oito ligados ao ambiente. Do primeiro grupo, classificaram-se como modificáveis alergia, anormalidades craniofaciais, refluxo gastroesofágico e presença de adenóides. Na segunda categoria, incluíram-se infecção de vias aéreas superiores, cuidados em creches, presença de irmãos/tamanho da família, fumo passivo, aleitamento materno e uso de chupetas. Posteriormente, classificaram-se os fatores de risco de acordo com níveis de evidência. CONCLUSÕES: Os fatores de risco estabelecidos para otite média aguda recorrente e passíveis de intervenção foram uso de chupetas e cuidados em creche. Os fatores de risco prováveis foram privação do leite materno, presença de irmãos, anormalidades craniofaciais, fumo passivo e presença de adenóides. Nenhum fator modificável foi classificado como pouco provável. Entre os que precisam ser melhor estudados estão alergia, refluxo gastroesofágico e fumo passivo na gestação.OBJECTIVE: Review evidence about modifiable risk factors for recurrent acute otitis media. SOURCE OF DATA: MEDLINE with no language restriction, from January 1966 to July 2005, using descriptors "acute otitis media/risk factors". Two

  17. Análise dos fatores de risco relacionados ao tromboembolismo venoso em mulheres de idade fértil em Itajubá – Minas Gerais / Analysis of risk factors related to venous thromboembolism in women of childbearing age in Itajubá – Minas Gerais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Melissa Andreia de Moraes Silva,

    2017-09-01

    Full Text Available Introdução: O tromboembolismo venoso (TEV incide em mulheres de idade fértil e a identificação dos fatores de risco é ponto crucial para sua prevenção. Objetivos: Identificar e correlacionar os fatores de risco mais comuns para o desencadeamento de TEV em mulheres de 14 a 50 anos. Métodos: Analisadas 30 mulheres com diagnóstico recente de trombose venosa profunda (TVP de membros inferiores por meio de ultrassonografia com Doppler colorido e de seus prontuários, no período de julho de 2011 a julho de 2016. Os fatores de risco foram descritos em proporções e comparados através de teste exato de Fisher. Resultados: A média de idade foi de 37,4 anos. O índice de massa corpórea médio foi de 27,4 kg/m2 e a média de gestações foi de 2,3 por paciente. Setenta por cento apresentaram TVP, e a prevalência em ambos os membros foi igual. Cirurgias recentes, história familiar de TEV, doenças associadas e uso de contraceptivos orais (CO foram os mais prevalentes na população estudada (53,8%, 42,3%, 42,3% e 38,5%, respectivamente. Uso de CO, cirurgia recente e varizes de grosso calibre foram os fatores mais relacionados à recorrência da trombose (p<0,05. Conclusão: Pode-se concluir que a presença de varizes, cirurgia recente e história familiar são os fatores de risco mais associados à presença de TVP em mulheres de idade fértil. Uso de CO, cirurgia recente e presença de varizes são os fatores de risco mais estatisticamente relacionados à recorrência da TVP. Introduction: Venous thromboembolism (VTE affects women of childbearing age and the identification of risk factors is a key point for preventing its development. Aims: To identify and correlate the most common risk factors for the development of VTE in women aged 14-50 years. Meth-ods: We analyzed 30 women with recent diagnosis of deep venous thrombosis (DVT of the lower limbs using Doppler color ultrasonography and their medical records from July 2011 to July 2016

  18. Movimentos sociais e experiência geracional: a vivência da infância no Movimento dos Trabalhadores sem Terra Social movements and generation experience: childhood lived within the Movimento dos Sem Terra/Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Oliveira Correia

    2007-12-01

    Full Text Available O trabalho apresenta pesquisa etnográfica desenvolvida com crianças moradoras de um acampamento do Movimento dos Sem Terra, em Minas Gerais. Pela observação participante do cotidiano infantil e por meio de entrevistas com crianças, buscou-se apreender os significados da vivência da infância no interior de um movimento social organizado. No escopo deste artigo, no diálogo com os refereciais teórico-metodológicos da sociologia da infância, foram analisadas três das entrevistas realizadas, de forma a destacar a singularidade dos processos socializatórios vividos por tais sujeitos, definidos por duas categorias identitárias: geração e inserção em movimentos sociais. Verifica-se que as crianças, em sua ação coletiva voltada para a atividade do brincar, buscavam interpretar sua experiência coletiva, lançando mão de elementos da cultura infantil, de forma a elaborar o vivido. Ao mesmo tempo, buscavam estabelecer relações com outros universos sociais, tais como a escola, de maneira a construir novos espaços de sociabilidade.This papper describes an etnographical research realized with a group of childs from the Movimento dos Sem Terra of Minas Gerais/Brazil. Using metodologies strategies like participative observation and interviews, we focused the signification of childhood experience inside an organized social movement. According to that, in dialogue with the teorical references of Childhood Sociology, the research analises their identity construction process, considering two central categories: generation and insertion in social movements. The children, in coletive action centered on playing, uses it to interpret their social universe, elaborating their own experience. In other hand, they tried to construct new relations with another social universes, like school, in order to increase their sociabilities.

  19. Modelos epidemiométricos em tuberculose: definição de "estados" e risco de infecção Epidemiometric models in tuberculosis: definition of "states" and risk of infection

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Ruffino-Netto

    2006-04-01

    Full Text Available São definidos "estados" ou delimitados "compartimentos" na história natural da tuberculose. Baseado nas alterações macroscópicas do sistema de compartimentos (copiando raciocínio da termodinâmica é feita a tentativa de quantificar a dinâmica das mudanças dos "estados": "virgem de infecção", "infectados" e "doentes". Na evidenciação das leis que regem a variação do conteúdo dos compartimentos, é proposto um novo caminho para o cálculo do risco de infecção tuberculosa. São apresentados os esquemas do interrelacionamento entre os "estados", as equações que regem a dinâmica entre os mesmos e a fórmula que permite o cálculo do risco de infecção.Through a rationale used in thermodynamics some "states" or "compartments" in the natural history of Tuberculoses are defined. Based on macroscopic changes observed in the total system an attempt is made to quantify the dynamics of these changes in the following "states": "virgin of infection", "infected" and "sick". A new way to calculate the risk of becoming infected by Tuberculosis, following the laws which govern the variation of the contents in a system of compartments, is presented. A sketch showing the relationships among the considered "states", the equations of the dynamics of them and a formula to calculate the risk of infection is also presented.

  20. Thoracic surgery: risk factors for postoperative complications of lung resection Cirurgia torácica: fatores de risco para complicações pós-operatórias na ressecção pulmonar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eduardo Oliveira Fernandes

    2011-06-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To identify preoperative and transoperative risks factors for postoperative complications developed in lung resection surgery. METHODS: During 14 months; 189 patients underwent pulmonary resection and were enrolled to the study. After a clinical interview, patients were evaluated by laboratory, pulmonary function tests and radiography, submitted to a surgical procedure, and were followed during their stay in the ICU and hospital, evaluating postoperatory complications and death. RESULTS: The postoperative rate of complications was 52.9%: respiratory (34.3%, infectious (31%, and cardiovascular (21.4%. Respiratory complications were related to smoking (p OBJETIVO: Identificar os fatores de risco pré e transoperatórios para o desenvolvimento de complicações pós-operatórias na cirurgia de ressecção pulmonar. INTRODUÇÃO: Os pacientes submetidos à cirurgia de ressecção pulmonar desenvolvem graves e frequentes complicações pós-operatórias. A identificação dos fatores de risco para o desenvolvimento das mesmas é fundamental na predição das complicações no pós-operatório. MÉTODOS: Durante 14 meses, 189 pacientes foram submetidos à intervenção cirúrgica torácica e foram incluídos no estudo. Depois de uma entrevista clínica, os pacientes foram avaliados por exames laboratoriais, espirometria e exames de imagem. Os mesmos foram submetidos ao procedimento cirúrgico e foram seguidos durante a sua permanência na UTI e no hospital, avaliando as complicações pós-operatórias e o risco de morte. RESULTADOS: A taxa de complicações pós-operatórias foi de 52,9%, principalmente respiratórias (34,3%, infecciosas (31% e cardiovasculares (21,4%. As complicações respiratórias foram relacionadas ao tabagismo (p < 0,01, RR 2,31, obstrução das vias aéreas (p = 0,01, RR 2,60, presença de anemia (p < 0,01, RR 2.13, e prolongado tempo de protrombina [PT] (p = 0,03, RR 1,77. As complicações infecciosas estiveram

  1. Por uma sócio-musicologia ancorada na semiologia da enunciação: uma alternativa para o estudo do acontecimento musical urbano na presente modernidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Regina Marcia Simão Santos

    1998-08-01

    Full Text Available O objetivo deste artigo é apontar para uma sócio-semiologia em música, na vertente dos estudos de enunciação e analise dos discursos, em resposta a lacunas detectadas nas pesquisas musicológicas. Traz contribuições para a atualização do debate sobre comunicação, ao considerar o funcionamento enunciativo em cada situaçnao concreta de performance, constituído de cena social e cena enunciativa, com dispositivos contextuais e intertextuais postos em jogo na produção e na recepção, gerando sentidos. Conclui pela bénefica adoaçnao deste enfoque metodológico no estudo do acontecimento musical urbano, superando os limites de uma analise estrutural, com seus recortes teóricos, por outra que considere sentidos inscritos no social.

  2. A participação dos pais nas pesquisas sobre o bullying escolar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliane Callegaro Borsa

    Full Text Available O bullying é um problema comum na interação de pares e pode implicar em diferentes prejuízos ao longo do desenvolvimento das crianças vítimas e agressoras. Pesquisas recentes indicam alta frequência da prática do bullying nas escolas brasileiras, porém ainda são escassos os estudos que compreendam este fenômeno a partir de uma perspectiva multifatorial. O presente artigo tem por objetivo apresentar o conceito do bullying e mostrar a importância de considerar as variáveis do contexto familiar para sua compreensão. Destaca-se a necessidade de incluir os pais das crianças como participantes nas pesquisas empíricas sobre o bullying escolar e a importância da sua participação tanto na avaliação como na prevenção deste problema. Por fim, discute-se a inclusão dos pais nas estratégias de intervenção diante do bullying, com vista à redução dos fatores de risco presentes no ambiente familiar e dos seus prejuízos para o desenvolvimento socioemocional das crianças.

  3. Diagnóstico dos aneurismas cerebrais por angiotomografia tridimensional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andrade Guilherme Cabral de

    2003-01-01

    Full Text Available A angiotomografia é método diagnóstico rápido e minimamente invasivo que passou a ser utilizado recentemente nos casos de aneurisma intracraniano, possuindo 100% de especificidade e podendo atingir 95% de sensibilidade, na avaliação dos aneurismas do círculo de Willis, substituindo a angiografia digital, mas não em todos os casos. Apresentamos nossa experiência na avaliação do exame de angiotomografia tridimensional em período de 2 anos, comprendido entre junho de 1997 e junho 1999, em que foram realizados exames de angiotomografia tridimensional para detecção de aneurismas intracranianos em 136 pacientes Em 118 pacientes foi realizada apenas angiotomografia e em 18 casos foi realizada além da angiotomografia tridimensional, também a angiografia digital convencional. O exame de angiotomografia tridimensional possui baixo risco, sendo melhor utilizada na detecção dos aneurismas com diâmetro maior que 3mm. Possui algumas limitações, como os aneurismas muito pequenos <3mm aneurismas da carótida cavernosa e da circulação posterior, como também a não realização do exame dinâmico.

  4. Failure Mode and Effect Analysis (FMEA for confectionery manufacturing in developing countries: Turkish delight production as a case study Análise dos Efeitos e Modos de Falhas (FMEA para fabricação de doces em países em desenvolvimento: produção de Delícia turca como um estudo de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sibel Ozilgen

    2012-09-01

    Full Text Available The Failure Mode and Effect Analysis (FMEA was applied for risk assessment of confectionary manufacturing, in whichthe traditional methods and equipment were intensively used in the production. Potential failure modes and effects as well as their possible causes were identified in the process flow. Processing stages that involve intensive handling of food by workers had the highest risk priority numbers (RPN = 216 and 189, followed by chemical contamination risks in different stages of the process. The application of corrective actions substantially reduced the RPN (risk priority number values. Therefore, the implementation of FMEA (The Failure Mode and Effect Analysis model in confectionary manufacturing improved the safety and quality of the final products.Análise dos Efeitos e Modos de Falhas (FMEA foi aplicada para avaliação de risco de fabricação de produtos de confeitaria, na qual os métodos tradicionais e equipamentos foram intensamente utilizados na produção. Efeitos e modos de falhas potenciais e suas possíveis causas foram identificados no fluxo do processo. Os estágios de processamento que involve grande manipulação de alimentos pelos trabalhadores obteve os maiores números de prioridade de risco (NRP = 216 e 189, seguido por riscos de contaminação química em diferentes fases do processo. A aplicação das medidas corretivas reduziu substancialmente os NRP (números de prioridade de risco. Portanto, a implementação do modelo de FMEA (Análise dos Efeitos e Modos de Falhas na fabricação de confeitos melhorou a segurança e qualidade dos produtos finais.

  5. Avaliação dos pacientes portadores de lesão por pressão internados em hospital geral Assessment of patients with pressure sores admitted in a tertiary care center

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Moro

    2007-08-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Determinar a prevalência e analisar o perfil dos portadores de lesão por pressão, enfocando fatores de risco, características clínicas e demográficas dos pacientes internados em hospital geral e estádio e localização das lesões no corpo. MÉTODOS: Estudo transversal observacional não controlado. Foram observados diariamente os pacientes internados em hospital geral no período de abril a junho de 2005, a fim de identificar todos os casos de lesão por pressão. Os pacientes acometidos foram avaliados através de um questionário padronizado e a Escala de Braden foi aplicada para definir o risco de desenvolvimento das lesões. RESULTADOS: Do total de 690 pacientes internados durante o período referido, observou-se uma prevalência de 5,9% de portadores de lesão por pressão, equivalente a 41 pacientes. Desses, 63,9% eram idosos. A média do tempo de internação foi de 18 dias. Observou-se que o setor de clínica médica e a Unidade de Terapia Intensiva (UTI apresentaram prevalência de 41,5%. Quanto à localização das lesões, 73,1% apresentavam-na em região sacral, e o grau mais evidenciado foi o estádio II, perfazendo um total de 58,5%. De acordo com a Escala de Braden, a maioria (80,4% apresentava alto risco para o desenvolvimento das lesões, comparado com 9,7% dos pacientes com risco moderado e 7,4% com baixo risco. CONCLUSÃO: Os pacientes acometidos apresentaram alto risco de desenvolver lesões por pressão. A prevalência dessas e o perfil clínico e demográfico dos pacientes acometidos estão de acordo com os dados encontrados na literatura.BACKGROUND: To determine the prevalence and analyze the profile of patients with pressure sores, focusing on risk factors, the patients' clinical characteristics at a tertiary care center, as well as stage and location of the lesions on the body. METHODS: This was a cross sectional not controlled observational study, all patients admitted from April to June of 2005 were

  6. Riscos psicossociais e assédio moral no contexto acadêmico

    OpenAIRE

    Vânia Cláudia Spoti Caran

    2007-01-01

    O Assédio Moral e os riscos psicossociais tem sido fonte de estudos de diversos pesquisadores no século XXI, mas ainda é pouco abordado pela Saúde do Trabalhador. Assédio Moral é tema complexo, de difícil abordagem, pois está inserido em um âmbito da violência caracterizada pela percepção muitas vezes apenas da própria vítima. Nesta pesquisa estabelecemos os objetivos de identificar a existência de Riscos Pscicossociais e Assédio Moral e suas repercussões entre os docentes de uma Instituição ...

  7. FATORES DE RISCO PARA DOENÇA CARDIOVASCULAR E AVALIAÇÃO QUALITATIVA DA ALIMENTAÇÃO EM UNIVERSITÁRIOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luana Romão Nogueira

    2016-03-01

    Full Text Available O consumo de alimentos ricos em carboidratos refinados, colesterol, pobres em fibras alimentares e com elevados teores de gorduras saturadas e trans aumentam o risco de desenvolvimento de DCVs. Por outro lado, a ingestão de carnes magras, frutas, verduras, legumes e alimentos integrais possui efeito protetor contra o processo aterosclerótico; por isso, é importante adequar a qualidade da alimentação para prevenir o risco cardiovascular. Portanto, os objetivos deste trabalho são: avaliar o consumo alimentar dos universitários e avaliar o acúmulo de gordura abdominal. Trata-se de estudo transversal, com universitários do município de São Paulo. A coleta de dados foi realizada por meio de um questionário que abordou dados pessoais, hábitos de vida, dados antropométricos referidos (altura e peso, circunferência de abdômen e Questionário de Frequência Alimentar. Foram avaliados 62 universitários, sendo a maioria do sexo feminino, com idade entre 19 e 41 anos, solteiros, sedentários, não-fumantes e não consumidores de bebidas alcoólicas regularmente. Não possuem doenças crônicas, porém apresentam histórico familiar de HAS e Diabetes Mellitus. A amostra apresentou média de IMC de 22,2kg/m² e circunferência de cintura de 78,6 centímetros para as mulheres e 85,5 centímetros para os homens. Em relação ao consumo alimentar, os universitários apresentaram baixo consumo de leite desnatado, iogurte, peixes, frutos do mar, frutas, carne bovina frita, frango frito ou com pele, manteiga, margarina, refrigerantes, sucos artificiais, sanduíches, pizza e fast-food, bolos, bolachas, chocolates. Os universitários apresentaram poucos fatores de risco para DCVs: sedentarismo, baixo consumo de alimentos protetores e antecedentes familiares de doenças crônicas.

  8. Fatores de risco para doenças cardiovasculares em profissionais de enfermagem: estratégias de promoção da saúde

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Jorge Magalhães

    2014-06-01

    Full Text Available O estudo objetivou identificar os fatores de risco modificáveis e não modificáveis para doenças cardiovasculares presentes nos profissionais de enfermagem, e descrever estratégias de promoção da saúde para o controle e prevenção desses fatores. Estudo documental, quantitativo, realizado com 165 prontuários de profissionais de enfermagem de hospital público de Fortaleza-CE. A análise se deu por estatística descritiva com dados expostos em quadros e tabelas. Nos resultados perceberam-se fatores de risco como antecedentes familiares com hipertensão arterial (72,9%, sedentários (64,9%, peso elevado (56,4%, circunferência abdominal elevada (49,7%, dentre outros. Para estratégias de promoção da saúde podem-se citar: orientações educativas, encaminhamentos e acompanhamento dos dados clínicos. Acredita-se na necessidade de atenção especial para tais profissionais, já que vivenciam uma profissão estressante, enfrentando problemas como insatisfação profissional, falta de reconhecimento financeiro e algumas doenças ocupacionais, o que pode prejudicar a qualidade de vida e dificultar o autocuidado.

  9. Risco e saúde reprodutiva: a percepção dos homens de camadas populares Reproductive health and risk as perceived by low-income Brazilian men

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carla Cristina Lima de Almeida

    2002-06-01

    Full Text Available Os estudos desenvolvidos na saúde reprodutiva discutem, entre outras coisas, as lacunas existentes nos modelos tradicionais de pesquisa, os quais negligenciam aspectos sócio-culturais e também ético-filosóficos. Estes aspectos atravessam a definição de temas essenciais à pesquisa em saúde reprodutiva, tais como: sexualidade, reprodução e gênero. A busca da articulação entre as duas disciplinas (Ciências Sociais e Saúde Pública ajuda a pensar como as pessoas e os grupos sociais delimitam e percebem os riscos que enfrentam. Neste estudo, analisamos a percepção de risco em saúde reprodutiva de um grupo de homens de camadas populares do Rio de Janeiro, entrevistados no âmbito de uma pesquisa sobre contracepção. Visamos identificar as situações e os contextos em que o problema emerge e o conteúdo atribuído ao mesmo. A partir desses depoimentos, é possível concluir que existe uma hierarquia de riscos entre os entrevistados, a qual é modificada dependendo de valores culturais, contextos relacionais, institucionais e sociais.Studies in the field of reproductive health discuss existing gaps in traditional research models, which neglect not only social and cultural aspects but also ethical and philosophical ones. Such aspects cut cross over the definition of essential themes for reproductive health research, like sexuality, reproduction, and gender. The search for connections between the two disciplines (Social Science and Public Health relates to how people and social groups limit and deal with the risks they face. In this study, we analyze the perception of risk in reproductive health among a group of low-income men from Rio de Janeiro. The group was interviewed during a study on male contraception. The objective was to identify the situations and contexts from which the problem (and the contents ascribed to it emerge. One can conclude from the interviews that there is a risk hierarchy which is modified according to

  10. Perfil e processo da assistência prestada ao recém-nascido de risco no Sul do Brasil Profile and process of the care provided to high-risk newborns in southern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Willian Augusto de Melo

    2011-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Caracterizar os recém-nascidos (RN de risco e verificar o processo de assistência dispensado pelo Programa de Vigilância ao Recém-nascido de Risco do município de Maringá, PR. METODOLOGIA: Os dados foram coletados dos prontuários e das Fichas de Acompanhamento de uma amostragem estratificada composta por 505 RN de risco nascidos em 2007. As variáveis maternas, neonatais e assistenciais foram analisadas descritivamente utilizando o software Statistica 7.1. RESULTADOS: O Programa considerou somente os riscos biológicos como critério de inclusão, podendo os mesmos estar isolados (63,2% ou associados entre si (36,8%. Sobre as mães, 71,5% eram adultas, 78,2% com escolaridade > 8 anos de estudo, 57,2% sem companheiro, 55,3% com ocupação não remunerada, 69,5% com > 6 consultas pré-natal, 87,3% de gravidez única e 65,4% realizaram parto cesáreo. Sobre os RN de risco, 51% eram masculinos, 50,3% com baixo peso ao nascer, 51,5% a termo, 95,8% sem anomalias congênitas e 90,3% com Apgar > 7 no 5º minuto. Sobre a assistência prestada às crianças de risco 69,5% foram acompanhadas pelo Programa, 71% dos prontuários foram localizados, 82,6% com nenhuma visita domiciliar, 8,9% receberam > 12 consultas médicas, 33,1% não receberam nenhuma orientação, 5,8% foram hospitalizados, 18,7% apresentaram > 12 pesagens, e 19,8% apresentaram registro de imunização completa. CONCLUSÃO: Faz-se necessário reorganizar a atenção básica que assegure a integralidade da assistência e à continuidade do acompanhamento do desenvolvimento e crescimento biopsicossocial da criança de risco.OBJECTIVE: To describe newborns at risk and check the process of care provided by the High Risk Newborn Surveillance Program in Maringá-PR. METHODS: Data were collected from medical records and monitoring sheets of a stratified sample consisting of 505 newborns at risk, born in 2007. Maternal and neonatal care were analyzed descriptively using Statistica

  11. Febre amarela: reflexões sobre a doença, as perspectivas para o século XXI e o risco da reurbanização

    OpenAIRE

    Vasconcelos,Pedro Fernando da Costa

    2002-01-01

    Neste artigo é realizada revisão dos principais aspectos fisiopatológicos, clínicos, epidemiológicos e laboratoriais da febre amarela no Brasil, e também se abordam as linhas gerais do tratamento da doença. São ainda analisados e discutidos os mais recentes surtos e epidemias de febre amarela ocorridos no Brasil, bem como as suas causas e as conseqüências de eventual reurbanização da doença no país, risco que cresce a cada ano à medida que crescem os índices de infestação de Aedes aegypti e a...

  12. The Rapid Ice Sheet Change Observatory (RISCO)

    Science.gov (United States)

    Morin, P.; Howat, I. M.; Ahn, Y.; Porter, C.; McFadden, E. M.

    2010-12-01

    The recent expansion of observational capacity from space has revealed dramatic, rapid changes in the Earth’s ice cover. These discoveries have fundamentally altered how scientists view ice-sheet change. Instead of just slow changes in snow accumulation and melting over centuries or millennia, important changes can occur in sudden events lasting only months, weeks, or even a single day. Our understanding of these short time- and space-scale processes, which hold important implications for future global sea level rise, has been impeded by the low temporal and spatial resolution, delayed sensor tasking, incomplete coverage, inaccessibility and/or high cost of data available to investigators. New cross-agency partnerships and data access policies provide the opportunity to dramatically improve the resolution of ice sheet observations by an order of magnitude, from timescales of months and distances of 10’s of meters, to days and meters or less. Advances in image processing technology also enable application of currently under-utilized datasets. The infrastructure for systematically gathering, processing, analyzing and distributing these data does not currently exist. Here we present the development of a multi-institutional, multi-platform observatory for rapid ice change with the ultimate objective of helping to elucidate the relevant timescales and processes of ice sheet dynamics and response to climate change. The Rapid Ice Sheet Observatory (RISCO) gathers observations of short time- and space-scale Cryosphere events and makes them easily accessible to investigators, media and general public. As opposed to existing data centers, which are structured to archive and distribute diverse types of raw data to end users with the specialized software and skills to analyze them, RISCO focuses on three types of geo-referenced raster (image) data products in a format immediately viewable with commonly available software. These three products are (1) sequences of images

  13. Gestão de riscos em fundos de pensão no Brasil: situação atual da legislação e perspectivas

    OpenAIRE

    Rieche, Fernando Ceschin

    2005-01-01

    O artigo apresenta os principais riscos com os quais as entidades fechadas de previdência complementar (EFPCs), também conhecidas como fundos de pensão, têm que lidar na gestão de seus recursos: risco de mercado, risco decrédito, risco operacional, risco de liquidez e risco de descasamento entre ativos e passivos. Além disso, são apresentadas as técnicas mais comuns utilizadas para mitigá-los e analisados os instrumentos de gestão de riscos à luz da legislação brasileira, procurando-se avalia...

  14. Previsão dos galgamentos na baía da Praia da Vitória para avaliação de risco e alerta

    OpenAIRE

    Reis, M. T.; Fortes, C. J. E. M.; Neves, D. R.; Rodrigues, S.; Santos, J. A.; Vieira, A. S.; Simões, A.; Azevedo, E. B.

    2011-01-01

    Neste trabalho, descrevem-se as metodologias desenvolvidas no LNEC para a avaliação do risco associado à ocorrência de galgamentos inadmissíveis de estruturas portuárias e costeiras e para a previsão e alerta das entidades responsáveis nesses casos. Estas metodologias foram implementadas nos sistemas integrados de apoio à decisão na gestão portuária e costeira, GUIOMAR e MOIA. Em ambos os casos, as metodologias baseiam-se primeiramente na determinação da agitação marítima e ...

  15. Prevalência de sintomas de asma e fatores de risco associados em adolescentes escolares de 13 e 14 anos dos municípios de Tubarão e Capivari de Baixo, Santa Catarina, Brasil Prevalence of asthma symptoms and risk factors among adolescents in Tubarão and Capivari de Baixo, Santa Catarina State, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daiane Breda

    2009-11-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi medir a prevalência, a gravidade dos sintomas de asma e investigar fatores de risco associados entre a presença de chiado nos últimos 12 meses (asma atual e fatores pessoais, geográficos e sócio-econômicos em adolescentes escolares de 13 e 14 anos matriculados em sétimas e oitavas séries dos municípios de Tubarão e Capivari de Baixo, Santa Catarina, Brasil. Este é um estudo transversal que utilizou o questionário ISAAC (International Study of Asthma and Allergies in Childhood, aplicado em 1.870 adolescentes de 42 escolas dos dois municípios, entre os meses de março a maio de 2005. A prevalência de asma atual foi de 11,8% e de asma "alguma vez na vida" foi 7,8%. A prevalência de despertar uma ou mais noites na semana foi de 2,1%; 8,1% tiveram 1-3 crises de chiado nos últimos 12 meses e 3,7% apresentaram limitação da fala. Na análise multivariada sexo feminino, história familiar, pai e mãe com asma, moradia alugada e fumante dentro de casa foram fatores de risco para asma atual. A prevalência de asma atual e a gravidade dos sintomas foram comparativamente menores em relação ao encontrado em outros estudos brasileiros.This study aimed to measure the prevalence and severity of asthma symptoms and to investigate the association between asthma symptoms and personal, geographic, and socioeconomic variables in 13-14-year-old schoolchildren enrolled in the 7th and 8th grades in Tubarão and Capivari de Baixo, Santa Catarina State, Brazil. This was a cross-sectional study using the ISAAC (International Study of Asthma and Allergies in Childhood written questionnaire, applied to 1,870 adolescents enrolled in 42 schools in the two cities, from March to May 2005. Prevalence of current asthma (defined as wheezing in the previous 12 months was 11.8%, and there was a 7.8% lifetime prevalence of physician-diagnosed asthma. Prevalence of wheezing that interrupted sleep (one or more nights per week was 2.1%; 8

  16. Prevalência de fatores de risco e proteção para doenças crônicas não transmissíveis em adultos residentes em capitais brasileiras, 2013

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Deborah Carvalho Malta

    Full Text Available OBJETIVO: descrever as prevalências dos fatores de risco e proteção para doenças crônicas na população adulta residente nas capitais brasileiras em 2013, e verificar os fatores sociodemográficos associados. MÉTODOS: foi realizado estudo transversal com 52.929 entrevistas pelo inquérito telefônico Vigitel, e investigadas associações mediante regressão de Poisson. RESULTADOS: as prevalência foram: tabagismo de 11,3% (IC95%:10,6%;11,9%; para consumo abusivo de bebidas alcoólicas, 16,4% (IC95%:15,7%;17,0%; consumo recomendado de frutas e hortaliças, 23,6% (IC95%:22,9%;24,3%; inatividade física, 16,2% (IC95%:15,6%;16,9%; excesso de peso, 50,8% (IC95%:49,9%;51,6%; elevado consumo de sal referido, 16,0% (IC95%:15,3;16,6; substituição do almoço ou jantar por lanches, 15,5% (IC95%:15,8%;17,1%; e consumo regular de doces, 19,5% (IC95%:18,8%;20,2%; a presença dos fatores de risco foi associada ao sexo masculino, maior idade e menor escolaridade. CONCLUSÃO: o monitoramento apoia o planejamento de políticas públicas de promoção da saúde visando à redução da morbimortalidade por doenças crônicas.

  17. Development of a YouTube videos feelings analiser = Desarrollo de un analizador de sentimientos de videos de Youtube

    OpenAIRE

    Valle Salas, José Miguel del

    2018-01-01

    Nowadays, Youtube is one of the most successful social networks, therefore it has more and more impact in our society. Due to this it's quite useful to know the sentiments that this platform videos produces. This project has been focused in the development of a tool able to analise this sentiments, which could be used for di�erent purposes like Market studies or emotional learning for people who has some functional diversity. The technologies used during the project development has b...

  18. Riscos químicos ambientais à saúde da criança Environmental chemical hazards and child health

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Augusto Mello-da-Silva

    2005-11-01

    Full Text Available OBJETIVO: Rever, na literatura médica recente, as informações disponíveis sobre os riscos da exposição de crianças a agentes químicos no meio ambiente. FONTES DOS DADOS: Foi realizada uma busca de artigos publicados sobre o tema na base de dados bibliográficos MEDLINE entre os anos de 1999 e 2005 e também em livros, manuais e recomendações publicados nos últimos anos por instituições como a Academia Americana de Pediatria e a Organização Mundial da Saúde, abordando saúde ambiental com foco na criança. SÍNTESE DE DADOS: Nos últimos anos, observa-se uma preocupação crescente em todo o mundo com os riscos relacionados à exposição de crianças a agentes químicos presentes no meio ambiente. Em torno de 85.000 produtos químicos sintéticos são produzidos nos dias de hoje, dos quais 2.800 são considerados de alto volume de produção. Sabe-se ainda muito pouco a respeito de seus efeitos sobre organismos em desenvolvimento. Crianças, por conta de suas características fisiológicas (maior demanda de água e alimentos e hábitos (como engatinhar, levar objetos a boca, brincar próximo ao solo estão particularmente expostas à contaminação por agentes químicos presentes em água, ar e solo. Agentes como metais pesados, pesticidas, poluentes orgânicos persistentes e contaminantes do ambiente doméstico, como a fumaça do tabaco, têm sido cada vez mais relacionados ao aumento da ocorrência de doenças como asma, distúrbios neurológicos e comportamentais e câncer infantil. CONCLUSÃO: Estimula-se a identificação de situações de risco utilizando instrumentos como a anamnese ou história ambiental, bem como o envolvimento dos pediatras na busca da redução da exposição de crianças e adolescentes a agentes químicos.OBJECTIVES:To review the recent medical literature on environmental chemical hazards to child health. SOURCES OF DATA: Articles published on this subject between 1999 and 2005 were searched in the

  19. PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DA CLIENTELA DOS CENTROS DE TESTAGEM E ACONSELHAMENTO PARA O HIV EM GOIÁS – BRASIL, 1998

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandra Maria Brunini de Souza

    2002-06-01

    Full Text Available Objetivos: Determinar e comparar o perfil sócio-demográfico, a prevalência da infecção pelo HIV e osfatores de risco da clientela dos Centros de Testagem e Aconselhamento (CTA de Goiânia e de Rio Verde, Goiás.Metodologia: Trata-se de estudo de corte transversal com amostra de população voluntária, que procurou oserviço para testagem anônima, confidencial e gratuita, no período de janeiro a outubro de 1998. A detecção deanticorpos anti-HIV consistiu na realização de duplo teste de ELISA (Enzyme Linked Immunossorbent Assay econfirmação sorológica por Imunofluorescência Indireta, obedecendo às recomendações do Ministério da Saúde.Os dados epidemiológicos e os resultados de laboratório foram extraídos de questionários aplicados pelosprofissionais do serviço, durante o aconselhamento pré-teste. A soroprevalência para o HIV foi calculada entre osindivíduos atendidos nos CTA de Goiânia e de Rio Verde e, a razão de prevalência (RP, com respectivosintervalos de confiança de 95% (IC 95%, foi estimada para os potenciais fatores de risco associados com ainfecção. Resultados: Foram analisados 1784 registros da demanda espontânea, sendo 1156 (64,8% de Goiâniae 628 (35,2% de Rio Verde. Quando comparada com Rio Verde, a população do CTA de Goiânia mostrou maiorproporção de mulheres, de desempregados, de indivíduos que preferiram o teste anônimo e de pessoas comhistória de testagem anterior. Em Rio Verde a exposição ao risco sexual, destacou-se entre os motivos datestagem quando comparado com Goiânia (67,5% vs. 33,2%; p 0,05. Indivíduos com escolaridade até o 1º grau apresentaram risco 2,2 (IC95% 1,1 - 4,8 vezes maior de ser infectados quando comparados com os de maior escolaridade. Tanto parapessoas que referiram testagem prévia (RP = 6,2%; IC 95% 3,3 - 11,8 como para as que procuraramanteriormente o banco de sangue (RP = 3,8; IC 95% 1,8 - 7,9 houve associação com alto risco de infecção pelo

  20. Orientação de vida e comportamentos de risco para a saúde em universitários: uma análise sob o olhar da psicologia positiva

    OpenAIRE

    Rigoni,Patrícia Aparecida Gaion; Costa,Luciane Cristina Arantes da; Belem,Isabella Caroline; Passos,Patricia Carolina Borsato; Vieira,Lenamar Fiorese

    2012-01-01

    O objetivo do estudo foi analisar a orientação de vida de universitários em função de comportamentos de risco para a saúde. Participaram 403 acadêmicos do curso de Educação Física, de uma universidade do Noroeste do Paraná. Como instrumentos foram utilizados Teste de Orientação de Vida, National College Health Risk Behavior Survey e ficha com dados sociodemográficos. Para análise dos dados aplicou-se o teste de Kolmogorov-Smirnov, teste de Kruskal-Wallis e teste U de Mann-Whitney (p...

  1. Conhecimento de estudantes adolescentes sobre transmissão, prevenção e comportamentos de risco em relação às DST/HIV/AIDS Adolescent students knowledge about transmition, prevention and risky behavior related to STD/HIV/AIDS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Raquel Cortês Nelson

    2016-10-01

    Full Text Available Objetivo: Avaliar o conhecimento dos adolescentes sobre sexualidade, métodos contraceptivos e doenças sexualmente transmissíveis, assim como analisar a vulnerabilidade e comportamentos de risco destes em relação as DST/aids. Métodos: Estudo descritivo-exploratório com abordagem quantitativa realizado de março a dezembro de 2013 com 222 estudantes da rede pública de ensino. Os dados foram coletados a partir de um questionário semiestruturado respondido em sala de aula. Resultados: O estudo apontou índices significativos de desconhecimento em relação a transmissão, prevenção e tratamento da aids, e elucidou  alguns comportamentos de risco que tornam a população jovem vulnerável as DST/aids. Conclusão:  Programas de orientação sexual nas escolas são necessários  para incentivar aos adolescentes  um comportamento sexual seguro, saudável e menos exposto a riscos. Descritores: Saúde do Adolescente, Saúde Escolar; Doenças Sexualmente Transmissívies.

  2. Avaliação de Risco em Investimentos Florestais Evaluation of Risk in Investments Forestry

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flávio José Simioni

    2011-03-01

    Full Text Available

    A avaliação econômica de projetos de investimentos é comumente utilizada como forma de buscar parâmetros indicativos de sua viabilidade. Entretanto, as condições de incertezas em relação ao ambiente econômico dificultam o processo de tomada de decisão. No caso dos plantios florestais, a complexidade é ainda maior em função do alto tempo de retorno do investimento. Uma das alternativas que pode ser utilizada pelos investidores é a transformação das incertezas em risco. Assim, o objetivo do artigo é verificar a adequação do emprego do Método de Monte Carlo (MMC na avaliação do risco em plantios florestais de Pinus spp. O procedimento consiste na simulação da Taxa Interna de Retorno (TIR e do Valor Presente Líquido (VPL do projeto, a partir da simulação de variáveis previamente selecionadas no fluxo de caixa. O método mostrou-se eficiente na análise de risco de plantios florestais. 
    Economic evaluation of investment projects of is usually used as a form to search for parameters that are indicative of its viability. However, a condition of uncertainty in relation to the economic environment makes it difficult in order to help the process of decision making. In the case of the forest activities, the complexity is still bigger in function of the long time required for the return of the investment. One of the alternatives that can be used by the investors is the transformation of uncertainty into risk. Thus, the objective of the article is to verify the adequacy of the Monte Carlo Method (MMC in the risk evaluation of in forest activities with Pinus spp. The procedure  consists of the simulation of the Internal Tax of Return (ITR and of Net Present Value (NPV of the project, from the simulation of variables previously selected in the cash flow. The method revealed efficient in the risk analysis of forest activities. 

  3. Mulheres com Aids: desvendando histórias de risco Women with AIDS: disclosing risk stories

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leticia Legay Vermelho

    1999-04-01

    Full Text Available Esta pesquisa procurou conhecer o perfil social e cultural relacionado a risco de infecção pelo HIV em mulheres, descrevendo algumas variáveis epidemiológicas e revelando relatos de risco, o significado de sua vivência com AIDS e assistência recebida. Através de um questionário semi-estruturado, entrevistou-se 25 mulheres internadas no Hospital Universitário da UFRJ, no período anterior à disponibilização das drogas combinadas. A maioria referiu baixa escolaridade, ocupações de baixa qualificação ou eram donas de casa, sendo sua renda familiar, em alguns casos, pior que a média dos usuários deste hospital. A representação predominante sobre risco associava a Aids a uma "doença do outro" e DSTs eram percebidas como infecções masculinas, embora várias relatassem episódios destas, anteriormente ao HIV. Elas tiveram seu diagnóstico/tratamento só após o adoecimento ou morte do companheiro e ou filho. O estudo sugere estratégias preventivas que, prioritariamente, reforçam o poder de negociação sexual destas mulheres silenciosas e atuam sobre os homens, como participantes potencialmente ativos nos programas de saúde reprodutiva, os quais incorporam a questão DST/AIDS.This study approaches the social and cultural profile concerning risk for HIV infection in women, describing some epidemiological variables and disclosing reports of risk situations, the meaning of living with AIDS, and support received. A semi-structured questionnaire was used to interview 25 women from the University Hospital of the Federal University of Rio de Janeiro, prior to the availability of multi-drug treatment. The majority reported limited schooling, were housewives or engaged in under-skilled occupations, and had family incomes lower than average for users of this public teaching hospital. The view of AIDS as "someone else's disease" was prevalent, and STDs were perceived as male infections, although several women reported episodes of STDs

  4. Modelo operário e percepção de riscos ocupacionais e ambientais: o uso exemplar de estudo descritivo The "worker model" and perception of environmental and occupational risks: the optimal use of a descriptive study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz A. Facchini

    1991-10-01

    Full Text Available Objetivou-se identificar os riscos resultantes da exposição a produtos químicos, de trabalhadores de indústria química e farmacêutica. Realizou-se estudo descritivo, através do modelo operário (MO, onde o acesso aos trabalhadores significava uma parte essencial do método e a única forma de neutralizar a impossibilidade de acesso ao local de trabalho. Reconstruíam-se as atividades dos setores de trabalho e identificaram-se as principais substâncias químicas utilizadas, as queixas mais referidas, os danos potenciais e os principais riscos ambientais, concluindo pela precariedade das condições gerais de trabalho. Com os resultados confirmados, ficou evidenciada a importância do MO e sua utilidade metodológica, levando trabalhadores a conseguir das autoridades que a empresa fosse vistoriada. A mobilização dos trabalhadores, através de denúncias nos meios de comunicação, ajudou a formar uma consciência popular dos riscos ocupacionais e ambientais daquela atividade produtiva.An attempt was made to identify the risks resulting from exposure to the chemicals to which workers are exposed as well as from the poor working conditions to which they are subject in a chemical and pharmaceutical factory. A descriptive study based on the "workers model" - a methodological approach developed in Italy in the 60's, was carried out. Such a study requires direct contact with the workers and has the advantage of overcoming the difficulty of gaining access to their work-place. The activities of the different departments of the plant were reconstructed and the main chemicals used, the main physical complaints, the potencial harms and the main environmental risks identified. The repon on the harmful working conditions produced was used by the workers as a means of pressing the authorities into carrying out an inspection of the plant concerned to verify its accuracy. The report's findings have been confirmed and demonstrate the usefulness of the

  5. Imagem corporal e comportamentos de risco para transtornos alimentares em bailarinos profissionais Body image and risk behavior for eating disorders in professional ballet dancers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lena Guimarães Ribeiro

    2010-04-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO E OBJETIVO: A grande preocupação com a aparência e a forma física e a constante pressão para manterem baixo peso corporal são fatores que levam a distorções da imagem corporal e tornam os bailarinos um grupo de risco para o desenvolvimento de transtornos alimentares (TA. O objetivo deste estudo foi avaliar a percepção da imagem corporal e sua associação com comportamentos de risco para TA em bailarinos profissionais. MÉTODOS: Foram estudados 61 bailarinos (39 mulheres e 22 homens de uma instituição representante da elite do balé clássico brasileiro. A avaliação dos comportamentos de risco para TA foi feita com base nas versões em português dos questionários Eating Attitudes Test (EAT-26 e Bulimic Investigatory Test Edinburgh (BITE. A Escala de Silhuetas de Stunkard foi utilizada para avaliação da percepção da imagem corporal. A associação entre as variáveis foi avaliada com base na razão de prevalência (RP e seus respectivos intervalos de confiança (IC de 95%. RESULTADOS: Trinta e um bailarinos (50,8% gostariam de ter a silhueta menor que a autopercebida como usual. A presença de comportamentos de risco para TA foi 2,71 vezes maior (IC 95% = 1,02 - 7,18 entre os que desejavam ter silhueta menor que a usual e 2,64 vezes maior (IC 95% = 1,20 - 5,80 entre aqueles que desejavam ter silhueta menor que a considerada mais saudável, quando comparados com os que estavam satisfeitos com a sua silhueta. CONCLUSÃO: A alta frequência de insatisfação com o corpo encontrada pode estar colaborando para ocorrência de comportamentos de risco para TA nos bailarinos investigados.INTRODUCTION AND OBJECTIVE: Great concern with physical appearance and fitness as well as constant pressure in maintaining low body weight make ballet dancers a risk group for the development of eating disorders (ED. The objective of the present study was to evaluate the body image perception and its association with risk behavior for ED

  6. Coronariopatia assintomática em chagásicos com insuficiência cardíaca: prevalência e fatores de risco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo Carvalho

    2011-11-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A concomitância de doença arterial coronária assintomática em pacientes com cardiomiopatia chagásica em IC é controversa na literatura médica, pois ambas as doenças se mostram prevalentes em algumas regiões do Brasil. Objetivo: Determinar a prevalência da coronariopatia (lesões > 50% em uma população específica de pacientes com cardiomiopatia chagásica em IC classes funcionais III e IV, que não apresentavam eventos coronarianos prévios. OBJETIVO: Determinar a prevalência da coronariopatia (lesões > 50% em uma população específica de pacientes com cardiomiopatia chagásica em IC classes funcionais III e IV, que não apresentavam eventos coronarianos prévios. MÉTODOS: Realizou-se cineangiocoronariografia em 61 pacientes consecutivos, portadores de cardiomiopatia chagásica, em IC classes funcionais III e IV, para se excluir coronariopatia. Esses pacientes faziam parte do protocolo do Estudo de Terapia Celular em Cardiopatias, o qual exigia a realização de cineangiocoronariografia antes de se injetarem células-tronco. Os fatores de risco para aterosclerose também analisados nessa população foram: idade, hipertensão arterial, diabetes, dislipidemia, tabagismo e sobrepeso. RESULTADOS: Idade média 51,6 + 9,6 anos, 65,5% (n = 40 homens. A prevalência de coronariopatia encontrada nessa população foi de 1,6% (1. As prevalências dos fatores de risco foram: hipertensão arterial 18% (11, tabagismo 59% (36, diabetes 1,6% (1 e dislipidemia 6,5% (4. CONCLUSÃO: A prevalência da coronariopatia assintomática em pacientes com IC grave de etiologia chagásica é baixa e, entre os fatores de risco para doença coronária, o tabagismo foi o mais prevalente.

  7. Modelo de classificação de risco de crédito de empresas A model for the classification of companies credit risk

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giovani Antonio Silva Brito

    2008-04-01

    Full Text Available O processo de gerenciamento de risco de crédito em instituições financeiras vem passando por uma revisão ao longo dos últimos anos. Nesse contexto, diversas novas técnicas de mensuração de risco de crédito e tomadores têm sido desenvolvidas e implementadas por grandes Bancos. O objetivo desta pesquisa é desenvolver um modelo de classificação de risco para avaliar o risco de crédito de empresas no mercado brasileiro. O modelo foi construído com base em uma amostra de empresas de capital aberto classificadas como solventes ou insolventes no período entre 1994 e 2004. A técnica estatística utilizada no desenvolvimento do modelo foi a regressão logística. As variáveis independentes são índices financeiros calculados a partir das demonstrações contábeis e utilizados para representar a situação econômico-financeira das empresas. A validação do modelo foi efetuada utilizando o método Jackknife e uma Curva ROC. Os resultados do estudo indicam que o modelo de classificação de risco desenvolvido prevê eventos de default com um ano de antecedência com bom nível de acurácia. Os resultados, também, indicam que as demonstrações contábeis contêm informações que possibilitam a classificação das empresas como prováveis solventes ou prováveis insolventes.The process of credit risk management in financial institutions has been revised in recent years. In this context, large banks have developed and implemented several new techniques for measuring borrowers credit risk. This research aims to develop a risk classification model to assess the credit risk of companies in the Brazilian market. The model was built based on a sample of publicly traded companies classified as solvent or insolvent during the period from 1994 to 2004. Logistic regression was used to develop the model. The independent variables of the model are financial ratios, calculated from the financial statements and used as proxies of companies economic

  8. Caracterização dos acidentes com tratores agrícolas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Schlosser José Fernando

    2002-01-01

    Full Text Available Em despeito à sua importância, poucas pesquisas vêm sendo executadas com o intuito de caracterizar os acidentes de trabalho com tratores agrícolas, identificando sua natureza (tipo bem como suas causas. O objetivo deste trabalho foi caracterizar os acidentes envolvendo tratores agrícolas ocorridos na região da Depressão Central do Rio Grande do Sul e, a partir disto, delinear estratégias eficientes na sua prevenção. Para o levantamento dos dados, foi aplicado um questionário aos operadores de tratores agrícolas da região da Depressão Central do Rio Grande do Sul. Os dados demonstraram que 39% dos trabalhadores rurais entrevistados já sofreram algum tipo de acidente de trabalho com tratores agrícolas. Dentre os tipos de acidentes com tratores agrícolas detectados na pesquisa, destacam-se o capotamento, que correspondeu a 51,71% do total de acidentes graves, e os escorregões, que corresponderam a 40,82% dos acidentes leves. As principais causas dos acidentes relatados foram a falta de conhecimento a respeito das medidas de segurança na operação de tratores (32,77%, a falta de atenção (32,22% para a tarefa executada e o equipamento inadequado (22,22%. Os acidentes graves tiveram causas diferentes comparativamente aos leves. Operadores sem treinamento adequado, a não observação de regras básicas de segurança e a longa jornada de trabalho são tendências observadas neste trabalho que ampliam os riscos de ocorrência de acidentes. A inclusão de dispositivos que tornem a máquina mais segura e confortável, bem como o treinamento dos operadores de tratores agrícolas são práticas de importância fundamental para a prevenção dos acidentes com tratores agrícolas.

  9. Avaliação dos riscos envolvidos na produção de milho e soja nos municípios do Mato Grosso = Evaluation of the risks involved in the corn and soybeans productions in Mato Grosso ́s cities

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Aparecida Castro Pereira

    2017-04-01

    Full Text Available A agricultura opera com instabilidade de produção principalmente devido a fatores imprevisíveis que afetam a cultura. Por esse motivo, as seguradoras têm dificuldade de quantificar o risco exato associado aos municípios produtores, principalmente no estado de Mato Grosso. Não existem estudos claros associados à segmentação e quantificação desse risco em uma escala menor. Diante desse fato, o trabalho buscou quantificar e segmentar o risco de produção de milho e soja no estado Mato-Grossense por meio de análises de agrupamento. Para o agrupamento das médias, foi adotada a metodologia não hierárquica de agrupamento denominada K-means, onde se obteve sete clusters. O risco associado à cada cluster foi estimado com base no cálculo do coeficiente de variação da média de produtividade de milho e soja entre os municípios. O trabalho apresentou variação na taxa de risco entre os clusters principalmente considerando a produtividade de milho; os municípios do cluster número 3 (Porto Alegre do Norte, Serra Nova Dourada, Santa Terezinha, Jangada, Barra do Bugres e Porto Estrela apresentaram as maiores taxas de risco (10,2% e podem ser desconsiderados da carteira de crédito das seguradoras; e, para a soja, as taxas de riscos entre os clusters foram similares devido à estabilidade produtiva até o momento. Nesse cenário, sugere-se que as seguradoras trabalhem com prêmios menores e introduzam programas de subvenção ao seguro rural naqueles municípios com risco individual elevado. = Agriculture operates with instability of production mainly due to unpredictable factors affecting the culture. Therefore, insurances have been difficult to quantify the exact risk associated with agricultural producing in the cities, mainly in the state of Mato Grosso. There are no clear studies associated with segmentation and quantification of this risk on a smaller scale. Therefore, the objective of this research was to quantify the risk and

  10. Avaliação de máquinas e equipamentos que oferecem riscos à segurança do trabalhador nas etapas de pós-colheita do café

    OpenAIRE

    Carvalho,Cinara da Cunha Siqueira; Borém,Flávio Meira; Rabello,Giovanni Francisco

    2008-01-01

    A Lei Brasileira nº 6.514, de 22 de dezembro de 1977 (BRASIL, 2004) e as leis aprovadas pela portaria nº3.067, de 12 de abril de 1988 que cuida das questões de saúde e segurança do trabalhador, prometem o direito subjetivo do trabalhador urbano e rural, a redução dos riscos do trabalho mediante normas de saúde, higiene e segurança. Considerando que essas leis atualmente estão sendo aplicadas em fazendas e unidades de processamento de café, no intuito de preservar o bem-estar do trabalhador, c...

  11. AvaliaÃÃo dos fatores de risco à cÃrie dentÃria em pacientes pediÃtricos portadores de necessidades especiais.

    OpenAIRE

    Rebeca Bastos Vasconcelos

    2014-01-01

    Quando se trata de atenÃÃo odontolÃgica bÃsica ou especializada, crianÃas portadoras de necessidades especiais ainda representam uma parcela da populaÃÃo menos favorecida e estudada. O estudo teve o objetivo de avaliar a associaÃÃo entre presenÃa de lesÃo e experiÃncia de cÃrie a fatores de risco à cÃrie, em uma amostra de pacientes pediÃtricos portadores de necessidades especiais utilizando o critÃrio do Indice Internacional de DetecÃÃo de CÃries (ICDAS). A amostra foi composta por crianÃas ...

  12. Ocorrência de complicações crônicas e seus fatores de risco em pacientes diabéticos atendidos pelo Programa Saúde da Família de Muriaé, MG, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro Paulo Pedrosa NETTO

    2015-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi analisar a ocorrência de complicações associadas ao diabetes e identificar seus fatores de risco em indivíduos com diabetes mellitus assistidos pelo Programa Saúde da Família de Muriaé-MG. Foi realizado um estudo quantitativo, transversal no período de fevereiro a junho de 2009 na unidade do Programa de Saúde da Família (PSF do bairro São Gotardo no município de Muriaé, MG. A amostra foi constituída por 50 pacientes. As informações de cada participante foram obtidas por meio de um questionário estruturado. As informações sobre a ocorrência de complicações crônicas do diabetes foram obtidas por meio da análise dos prontuários dos pacientes. Foi observado que 23 (46,0% pacientes não apresentavam complicação da doença, enquanto 27 (54,0% apresentavam pelo menos uma complicação, sendo as mais frequentes retinopatia, presente em 18 (66,67% pacientes, doenças cardiovasculares (14, 51,85% e neuropatia diabética (11, 40,74%. Os fatores de risco mais prevalentes foram sedentarismo (39, 78,0%, obesidade central (7, 74,0% e HAS (35, 70,0%. Ainda são necessários grandes esforços na atenção primária ao paciente diabético com relação ao tratamento adequado da doença e à adesão de hábitos de vida saudáveis, pois a presença de complicações associadas ao estado de saúde geral dos pacientes diabéticos diminui significativamente a qualidade de vida desta população.

  13. Distribuição por gênero de ácido úrico sérico e fatores de risco cardiovascular: estudo populacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sérgio Lamego Rodrigues

    2012-01-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Não há dados relativos à epidemiologia da hiperuricemia em estudos brasileiros de base populacional. OBJETIVO: Investigar a distribuição de ácido úrico sérico e sua relação com variáveis demográficas e cardiovasculares. MÉTODOS: Estudamos 1.346 indivíduos. A hiperuricemia foi definida como > 6,8 e > 5,4 mg/dL para homens e mulheres, respectivamente. A síndrome metabólica (SM foi definida utilizando-se os critérios NCEP ATP III. RESULTADOS: A prevalência de hiperuricemia foi de 13,2%. A associação de ácido úrico sérico (AUS com fatores de risco cardiovasculares foi específica para o gênero: em mulheres, maiores níveis de AUS estiveram associados com IMC elevado, mesmo após ajustes da pressão arterial sistólica para idade (PAS. Em homens, a relação do AUS com o colesterol HDL esteve mediada pelo IMC, enquanto em mulheres, o AUS mostrou-se semelhante e dependente do IMC, independentemente dos níveis glicose e presença de hipertensão. Nos homens, os triglicerídeos, a circunferência abdominal (CA e a PAS explicaram 11%, 4% e 1% da variabilidade do AUS, respectivamente. Nas mulheres, a circunferência abdominal e os triglicerídeos explicaram 9% e 1% da variabilidade de AUS, respectivamente. Em comparação com o primeiro quartil, homens e mulheres no quarto quartil apresentavam 3,29 e 4,18 vezes mais de aumento de risco de SM, respectivamente. As mulheres apresentaram uma prevalência quase três vezes maior de diabetes melito. Homens normotensos com MS apresentaram maiores níveis de AUS, independente do IMC. CONCLUSÃO: Nossos resultados parecem justificar a necessidade de uma avaliação baseada no gênero em relação à associação do AUS com fatores de risco cardiovasculares, que se mostraram mais acentuados em mulheres. A SM esteve positivamente associada com AUS elevado, independentemente do gênero. A obesidade abdominal e a hipertrigliceridemia foram os principais fatores associados com a

  14. Analises dos padrões e estilos de canais a partir da paisagem geomorfológica fluvial na Bacia do Rio UNA/PE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Cassiano Silva

    2016-12-01

    Full Text Available Os estilos fluviais refletem a fisiografia estrutural da rede de drenagem controladas pelos estratos rochosos, retratando na paisagem sua dinâmica, assim como os padrões de canais, que podem ser alterados por processos geomorfológicos, climáticos e antrópicos. O quadro dos estilos fluvial fornece um modelo geomorfológico dos processos espaciais e temporais biofísicos para gestão e planejamento das bacias hidrográficas. O presente trabalho teve como objetivo analisar as influências do comportamento no canal da bacia do rio Una localizado no Nordeste do Estado de Pernambuco, a partir da investigação das feições da drenagem como reflexo da transferência de matéria e energia entre distintos compartimentos e setores do ambiente fluvial. A metodologia baseou-se em (Brierley & Fryirs, 2005, a partir da avaliação do índice de sinuosidade, mapeamento dos estilos e das feições fluviais, perfis longitudinais e trabalhos de observação em campo. Assim, constatou-se que a influência estrutural na rede de drenagem da referida bacia comandou a retilineidade do canal Una, com quebra no gradiente topográfico, inflexão do canal e vales encaixados. Nesse ambiente, constatou que a produção e deposição dos sedimentos estão vinculados as influências do clima tropical.

  15. Avaliação da influência do infravermelho e da diatermia por microondas associados ao alongamento passivo no encurtamento dos músculos isquiotibiais - doi:10.5102/ucs.v5i1.416

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Simões Alencastro

    2008-11-01

    Full Text Available A diatermia por microondas é uma modalidade de aquecimento profundo, e a radiação infravermelha aquece praticamente a epiderme. Em algumas práticas clínicas, para se obter um maior ganho da flexibilidade usam-se técnicas de alongamento associadas ao calor. Este estudo teve como objetivo verificar a influência e as diferenças na utilização dos recursos térmicos de calor profundo e superficial na flexibilidade da musculatura isquiotibial. Dezenove estudantes do Curso de Fisioterapia do Centro Universitário de Brasília foram distribuídos de forma aleatória em três grupos distintos: GC (alongamento muscular passivo, GCS (infravermelho associado ao alongamento passivo e GCP (diatermia por microondas associada ao alongamento. Os resultados foram obtidos através da analise do ângulo poplíteo antes e depois de cada intervenção, relacionando o recurso com o alongamento. Concluiu-se que a aplicação da termoterapia profunda ou superficial auxilia no alongamento da musculatura isquiotibial

  16. Relação do teor em alcatrão dos cigarros com a mortalidade por cancro do pulmão no Grupo Prospectivo de Prevenção de Cancro - II, 1982-8

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jeffrey Harris

    2004-03-01

    Full Text Available Estudo epidemiológico realizado com o contributo da American Cancer Society com o objectivo de avaliar o risco de cancro do pulmão em fumadores de cigarros com filtro com conteúdo médio (standard de alcatrão, comparativamente a fumadores de cigarros com baixo e muito baixo teor em alcatrão e, ainda, comparativamente a fumadores de cigarros sem filtro com elevado conteúdo em alcatrão. Participaram 364 239 homens e 576 535 mulheres com mais de 29 anos e que nunca tinham fumado, eram ex-fumadores ou fumadores activos fiéis à mesma marca de tabaco (mínimo de 10 anos. A análise incidiu sobre a mortalidade por cancro do pulmão. Durante os 6 anos de acompanhamento (1982-1988, morreram por neoplasia 2622 homens e 1406 mulheres. O estudo concluiu que: • Independentemente do teor em alcatrão, todos os fumadores activos tinham maior risco de cancro do pulmão do que os ex-fumadores e os não fumadores. • O risco de cancro do pulmão foi semelhante nos fumadores de cigarros com conteúdo médio, baixo ou muito baixo em alcatrão. • Os fumadores de tabaco sem filtro e alto teor em alcatrão apresentaram um risco ainda mais elevado de cancro do pulmão. • O risco de neoplasia do pulmão nos ex-fumadores antes dos 35 anos foi próximo do risco dos que nunca fumaram. COMENTÁRIO: A maioria dos estudos de caso-controlo examinaram os riscos de cancro de pulmão entre tabaco com alto teor em alcatrão e tabaco com teor médio (convencional. A presente análise é mais realista, dada a redução da percentagem de fumadores de cigarros sem filtro/alto teor em alcatrão, pelo menos na Europa Ocidental. Contudo, atendendo à idade dos doentes, duração dos hábitos tabágicos e duração da comercialização de tabaco de baixo/muito baixo teor em alcatrão, a maioria dos casos não pode ter fumado ao longo da vida exclusivamente estes tipos de

  17. A influência dos principais factores de risco cardiovascular nos AVCs e consequente perturbação da linguagem adquirida

    OpenAIRE

    Ferreira, Elisabete Duarte

    2013-01-01

    Trabalho de Projeto apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Terapêutica da Fala, área de especialização em Linguagem no Adulto Introdução: O acidente vascular cerebral (AVC) constitui um dos principais problemas de saúde pública, de morbimortalidade e de incapacidade prolongada. As alterações decorrentes do AVC incluem os défices motores, os défices cognitivos e as perturbações da linguagem adquirida, tal como a afasia. Foi se...

  18. Da Proteção ao Risco: Configurações da Violência Intrafamiliar na Juventude Paraense

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosely Cardoso Maia

    2017-10-01

    Full Text Available RESUMO: Este estudo investigou a violência intrafamiliar como fator de risco no desenvolvimento dos jovens, identificando os principais agressores e os tipos de violência. Participaram 658 jovens de 13 a 24 anos, de ambos os sexos, que cursavam entre a 7ª série do Ensino Fundamental e o 3º ano do Ensino Médio de 10 escolas públicas de Belém. As violências verbais e físicas foram as mais identificadas. Mãe e pai apareceram como principais perpetradores da violência física, madrastas e avós da violência psicológica e da categoria outros e o padrasto da violência sexual. Os resultados apontam para compreensão da dinâmica familiar e para a proposição de políticas públicas de proteção às famílias.

  19. Avaliação de risco dos organismos geneticamente modificados Risk assessment of genetically modified organisms

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thadeu Estevam Moreira Maramaldo Costa

    2011-01-01

    Full Text Available Desde o começo de sua comercialização, em 1996, a área global de plantações transgênicas aumentou mais de cinquenta vezes. Nas duas últimas décadas, organizações governamentais e intergovernamentais têm planejado estratégias e protocolos para o estudo da segurança de alimentos derivados de cultivos geneticamente modificados. Os testes de segurança são realizados caso a caso e conduzidos de acordo com as características específicas das culturas modificadas e as mudanças introduzidas através da modificação genética, levando em conta o conceito de equivalência substancial. No presente trabalho, estão relatadas algumas abordagens de avaliação de risco de alimentos geneticamente modificados, assim como alguns problemas relacionados à construção genética ou mesmo à expressão do gene inseridoSince the commercial approve in 1996, the global area of transgenic crops has raised more than 50 times. In the last two decades, governments have been planning strategies and protocols for safety assessment of food and feed genetically modified (GM. Evaluation of food safety should be taken on a case-by-case analysis depending on the specific traits of the modified crops and the changes introduced by the genetic modification, using for this the concept of substantial equivalence. This work presents approaches for the risk assessment of GM food, as well as some problems related with the genetic construction or even with the expression of the inserted gene

  20. Risk factors for bronchopulmonary dysplasia in five Portuguese neonatal intensive care units Factores de risco de displasia broncopulmonar em cinco unidades portuguesas de cuidados intensivos neonatais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hercília Guimarães

    2010-06-01

    Full Text Available The pathogenesis of bronchopulmonary dysplasia (BPD is clearly multifactorial. Specific pathogenic risk factors are prematurity, respiratory distress, oxygen supplementation, mechanical ventilation (MV, inflammation, patent ductus arteriosus (PDA, etc. Aim: To evaluate BPD prevalence and to identify risk factors for BPD in five Portuguese Neonatal Intensive Care Units in order to develop better practices the management of these newborns. Material and methods: 256 very low birth weight infants with gestational age (GA 0.30 (85 vs 5 days, respectively in BPD and no BPD patients, pA displasia broncopulmonar (DBP é multifactorial. Prematuridade, doença da membrana hialina, oxigénio, ventilação mecânica, inflamação e canal arterial são alguns dos factores na sua patogénese. Objectivo: Avaliar a prevalência da DBP e seus factores de risco em cinco unidades portuguesas, para implementar boas práticas no tratamento deste doentes. Material e métodos: 256 recém-nascidos (RN com idade gestacional (IG 0,30 (85 vs 5 dias, respectivamente nos doentes com e sem DBP, p<0,001. Comentários: Os factores de risco de DBP mais relevantes foram o baixo peso, a doença da membrana hialina grave, a duração da ventilação mecânica e da oxigenoterapia e a sépsis. A implementação das boas práticas para reduzir a lesão pulmonar nos RN deve ser dirigida para melhorar as práticas que reduzem estes factores de risco.

  1. Risk assessment for chemical substances: the link between toxicology and public health Avaliação de risco de substâncias químicas: o elo entre a toxicologia e a saúde pública

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco J. R. Paumgartten

    1993-12-01

    Full Text Available Virtually all chemical substances may cause adverse health effects, depending on the dose and conditions under which individuals are exposed to them. Toxicology - the study of harmful effects of chemicals on living organisms - provides the scientific data base on which risk assessment of adverse health effects stands. Risk assessment (RA is the process of estimating the probability that a chemical compound will produce adverse effects on a given population, under particular conditions of exposure. Risk assessment process consists of four stages: Hazard Identification (HI, Exposure Assessment (EA, Dose-Response Assessment (DRA, and Risk Characterization (RC. The risk assessment process as a whole makes it possible to carry out cost(risk/benefit analysis, and thus risk management, on a rational basis. A capacity to undertake risk assessment is thus sine qua non for making decisions that are concerned with achieving a balance between economic development and adequate protection of public health and the environment.Virtualmente todas as substâncias químicas podem causar efeitos adversos, dependendo da dose e das condições em que os indivíduos são a elas expostos. A toxicologia, isto é, o estudo dos efeitos danosos de substâncias químicas em organismos vivos, fornece a base de dados científicos na qual se apoia a avaliação de risco de efeitos adversos para a saúde. Avaliação de Risco (AR é o processo de se estimar a probabilidade que um composto químico tem de vir a produzir efeitos adversos numa dada população, em determinadas condições de exposição. A avaliação de risco consiste de quatro estágios: identificação da periculosidade (IP; avaliação da exposição (AE; avaliação da relação dose-efeito (ADE; e caracterização do risco (CR. O processo de avaliação de risco como um todo possibilita a realização da análise custo (risco/benefício e, portanto, do gerenciamento do risco, em bases racionais. A capacidade

  2. A scale to evaluate customer attitudes towards food risks in restaurants / Uma escala para avaliar as atitudes do cliente com relação aos riscos de alimentos em restaurantes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gabriela Milhassi Vedovato

    2014-11-01

    = 61 para avaliar a validade e confiabilidade, e apresentou consistência interna satisfatória (α = 0,78, 17 itens. O estudo contribuiu com uma visão teórica e metodológica no desenvolvimento da escala, e identificou as representações sociais dos clientes nos restaurantes tipo buffet relacionados à higiene, gestão de riscos, perigos alimentares, responsabilidade e confiança nos sistemas alimentares. A metodologia proposta foi adequada para incentivar pesquisa de marketing e eficiência na gestão e comunicação de risco sobre questões em serviços de alimentação.

  3. Conhecimento de mulheres com diabetes mellitus sobre cuidados pré-concepcionais e riscos materno-fetais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Escolástica Rejane Ferreira Moura

    2012-02-01

    Full Text Available Objetivou-se descrever o perfil reprodutivo de mulheres com diabetes mellitus (DM e verificar o nível de conhecimento destas quanto aos riscos maternos e fetais e os cuidados pré-concepcionais. Estudo exploratório, que contou com a participação de 106 mulheres, realizado no Centro Integrado de Hipertensão e Diabetes, de março a julho de 2009. As variáveis reprodutivas foram: número de gestações, partos e abortos e planejamento da gravidez. Os dados foram coletados por meio de entrevista que seguiu um formulário pré-estabelecido. O perfil reprodutivo de mulheres com DM mostrou-se permeado de riscos e repercussões reprodutivas negativas à saúde materna e fetal. Das 106 (100% mulheres estudadas, 44 (41,5% apresentaram conhecimento moderado sobre os cuidados pré-concepcionais e 58 (54,7% conhecimento limitado sobre os riscos maternos e fetais. Faz-se necessário oferecer informações às mulheres a fim de promover o conhecimento sobre os riscos maternos e fetais e os cuidados pré-concepcionais.

  4. Analysis of occupational risks in the activities of carpentry and locksmithing in Pau dos Ferros/RN: a case study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Helison Amadeus da Silva Costa

    2018-03-01

    Full Text Available As atividades de carpintaria e serralharia são fortemente marcadas pelo uso de ferramentas antigas e trabalhadores não qualificados, o que contribui para a ocorrência de acidentes e outros riscos ocupacionais. Através destas discussões, este trabalho tem como objetivo analisar os acidentes ambientais e riscos ergonômicos em uma oficina de carpintaria localizada na cidade de Pau dos Ferros / RN. Assim, o objetivo foi quantificar a exposição ao ruído, medir os valores de temperatura ambiente e umidade, bem como os valores de iluminação ambiente. Para tanto, foram realizadas medições ambientais, bem como registros fotográficos e entrevistas com os responsáveis pelo estabelecimento. De acordo com a pesquisa realizada, nota-se que uma série de aspectos contribuem para o estabelecimento estudado apresentar condições insalubres. Entre os pontos a serem citados, a iluminação, Bem como a temperatura ea produção de ruído são os fatores mais marcantes. Além desses aspectos, a desorganização é também uma problemática presente neste ambiente de trabalho, uma vez que os resíduos não são devidamente descartados e as matérias-primas são amontoadas em meio a detritos e equipamentos. Outro ponto a ser citado é o uso de EPI, o que não ocorre devido à recusa dos empregados.

  5. Comunicação no controle de risco à saúde e segurança na sociedade contemporânea: uma abordagem interdisciplinar Communication on health and safety risk control in contemporary society: an interdisciplinary approach

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Ligia Rangel-S

    2007-10-01

    Full Text Available Este ensaio objetiva discutir a comunicação enquanto tecnologia para o controle do risco, proteção e promoção da saúde e segurança, no contexto da "sociedade de risco". Como um componente da Análise de Risco, a comunicação do risco é uma tecnologia que comparece na literatura sobre risco, com objetivos, princípios e modelos bem definidos. Esses aspectos são descritos e problematizados, considerando-se as múltiplas racionalidades em torno dos riscos na cultura e as várias dimensões que envolvem a regulação e controle do mesmo na chamada "modernidade tardia". Considera-se também a complexidade do processo de comunicação, informada pelo debate teórico-metodológico deste campo. Para apreciar o verdadeiro valor do campo da comunicação para o controle de risco, proteção e promoção da saúde, o artigo oferece uma síntese das teorias de comunicação que sustentam o debate desse tema, e propõe aproximações críticas a modelos que incluem as dimensões do poder e da cultura, no contexto da sociedade capitalista.This paper discusses communication as a technology for risk control with health and safety protection and promotion, within the context of a "risk society". As a component of Risk Analysis, risk communication is a technology that appears in risk literature, with well defined objectives, principles and models. These aspects are described and the difficulties are stressed, taking into consideration the multiple rationales related to risks in the culture and the many different aspects of risk regulation and control in the so-called "late modernity". Consideration is also given to the complexity of the communications process, guided by theoretical and methodological discussions in the field. In order to understand the true value of the communications field for risk control with health and safety protection and promotion, this paper also offers an overview of communication theories that support discussions of this

  6. Suggestion of an inverse relationship between perception of occupational risks and work-related injuries Sugestão de uma associação inversa entre percepção de riscos ocupacionais e acidentes do trabalho

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Cordeiro

    2002-02-01

    Full Text Available Worker perception of risk influences worker behavior and consequently exposure to risks. However, an inverse relationship between perception of occupational risks and work-related injuries has not yet been clearly established. A matched case-control was performed aiming to investigate possible differences in perception of occupational risks between workers who had suffered occupational injuries and those who had not. Cases were defined as all 93 workers from a large metallurgical factory in southeastern Brazil, who had suffered occupational injuries during the year 1996. Controls were 372 workers who had not suffered occupational injuries, matched on the basis of the factory sector and jobs performed. Assessment of occupational risk perception was performed by asking the workers to fill out a questionnaire consisting of questions on specific risks related to problems in work relations, work per se, and mode of production. The findings suggest that the degree of perception that workers with occupational injuries have of some occupational risks is lower than that of their non-injured coworkers.A percepção que o trabalhador tem dos riscos ocupacionais a que está exposto, influencia seu comportamento e sua própria exposição a riscos. Entretanto, uma relação inversa entre percepção de riscos ocupacionais e acidentes do trabalho, embora especulada, não foi ainda claramente estabelecida. Este é um estudo caso-controle objetivando investigar a existência de diferenças na percepção de riscos ocupacionais entre trabalhadores acidentados e não acidentados. Os casos foram todos os 93 trabalhadores de uma grande metalúrgica de Botucatu, que sofreram acidentes do trabalho no ano de 1996. Para cada caso foram aleatoriamente alocados quatro controles não acidentados, emparelhados segundo a seção de trabalho e a função do trabalhador acidentado na semana do acidente. A mensuração da percepção de riscos ocupacionais de casos e controles

  7. Does sustainability practices, corporate governance and social responsibility affect risk and return of investments? Práticas de Sustentabilidade, Governança Corporativa e Responsabilidade Social afetam o risco e o retorno dos investimentos?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruno Milani

    2013-03-01

    Full Text Available This article aims to verify whether the investments in companies with better practices of Corporate Social Responsibility, Corporate Governance and Sustainability presents performance differences in relation to investments in companies that represent the market. To this end, we analyzed the series of daily returns of Ibovespa, IGC, IGCT, ISE and ITAG through GARCH model and mean differences tests. The results show that the conditional volatility of the differentiated practices indexes is significantly smaller than the Ibovespa volatility, although the correlation between the returns is very high. Besides that, the Sharpe Index (1966 of the better practices indexes shows that their return per unit of risk is significantly higher than Ibovespa’s. Thus, in general, it is possible to conclude that investments in different practices constitute a less risky and more profitable alternative to the investor.DOI: 10.5902/198346596946O presente artigo tem como objetivo verificar se os investimentos em empresas com melhores práticas de Responsabilidade Social Empresarial, Governança Corporativa e Sustentabilidade apresentam diferenças quanto à performance em relação a investimentos nas empresas que representam o mercado. Para tanto, foram analisadas as séries de retornos diários dos índices Ibovespa, IGC, IGCT, ISE e ITAG através do modelo GARCH e de testes não paramétricos de diferença de média. Os resultados demonstram que a volatilidade condicional dos índices de práticas diferenciadas é significativamente menor do que a volatilidade do índice Ibovespa apesar da correlação entre os retornos ser muito alta. Além disso, o Índice de Sharpe (1966 demonstrou que o retorno por unidade de risco é significativamente superior para os índices de melhores práticas, em relação ao Ibovespa. Assim, de uma maneira geral, é possível concluir que os investimentos em empresas com melhores práticas constituem uma alternativa menos arriscada

  8. A caracterização do risco sanitário nos processos administrativos da vigilância sanitária

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Max Rogério Alves

    2012-12-01

    Full Text Available Estudo da caracterização do risco sanitário (avaliação e gerenciamento de risco nos processos administrativos da vigilância sanitária, a partir de um estudo de caso relativo ao controle sanitário de portos, aeroportos e fronteiras. A análise de decisões tomadas no âmbito de processos sanitários permitiu evidenciar que o grau de risco é superficialmente tratado neles, inferindo-se que a caracterização do risco nos referidos processos aproxima-se mais da aplicação do senso comum do que de uma abordagem científica.

  9. Metodologia multivariada para avaliação do risco de crédito de operações bancárias

    OpenAIRE

    Moura, Heber José de

    2010-01-01

    Apresenta iane metodologia para etribuir texas de risco em empréstimos bancários, a partir do perfil ele risco pela operação solicitada. Baseia-se na existência de relações conjuntas entre os atributos associados às entidades Cliente, Operação e Conjuntura para a formação do risco de crédito do empréstimo.

  10. InsCor: um método simples e acurado para avaliação do risco em cirurgia cardíaca

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Omar A. V. Mejía

    2013-03-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Escores de risco apresentam dificuldades para obter o mesmo desempenho em diferentes populações. OBJETIVO: Criar um modelo simples e acurado para avaliação do risco nos pacientes operados de doença coronariana e/ou valvar no Instituto do Coração da Universidade de São Paulo (InCor-HCFMUSP. MÉTODOS: Entre 2007 e 2009, 3.000 pacientes foram operados consecutivamente de doença coronariana e/ou valvar no InCor-HCFMUSP. Desse registro, dados de 2/3 dos pacientes foram utilizados para desenvolvimento do modelo (técnica de bootstrap e de 1/3 para validação interna do modelo. O desempenho do modelo (InsCor foi comparado aos complexos 2000 Bernstein-Parsonnet (2000BP e EuroSCORE (ES. RESULTADOS: Apenas 10 variáveis foram selecionadas: Idade > 70 anos; sexo feminino; cirurgia de revascularização coronariana + valva; infarto de miocárdio < 90 dias; reoperação; tratamento cirúrgico da valva aórtica; tratamento cirúrgico da valva tricúspide; creatinina < 2mg/dL; fração de ejeção < 30%; e eventos. O teste de Hosmer Lemeshow para o InsCor foi de 0,184, indicando uma excelente calibração. A área abaixo da curva ROC foi de 0,79 para o InsCor, 0,81 para o ES e 0,82 para o 2000BP, confirmando que os modelos são bons e similares na discriminação. CONCLUSÕES: O InsCor e o ES tiveram melhor desempenho que o 2000BP em todas as fases da validação; pórem o novo modelo, além de se identificar com os fatores de risco locais, é mais simples e objetivo para a predição de mortalidade nos pacientes operados de doença coronariana e/ou valvar no InCor-HCFMUSP.

  11. Tratamento do paciente com mielodisplasia de alto risco Treatment of myelodysplastic syndrome in high risk patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Evandro M. Fagundes

    2006-09-01

    Full Text Available O tratamento do paciente com mielodisplasia deve ser feito considerando o risco biológico da doença, a idade e as condições clínicas do paciente. De um modo geral, uma doença de alto risco necessitaria de um tratamento mais agressivo. Porém, devido à elevada idade mediana no diagnóstico, a maioria dos pacientes não tolera tratamentos intensivos. O transplante de células-tronco hematopoiéticas é a única opção para aqueles que objetivam a cura da doença. Para aqueles que não podem se submeter a um transplante, as opções incluem o uso de quimioterapia intensiva, agentes hipometilantes, tratamento suportivo e/ou inclusão em estudos clínicos. A quimioterapia intensiva semelhante à utilizada para leucemia mielóide aguda é uma boa opção para pacientes em boas condições clínicas e com menos de 65 anos de idade.To initiate a treatment for myelodysplastic syndrome, the physician should consider the patient's age, status performance and the risk of transformation to acute myeloid leukemia (AML and death. In theory, a high risk disease should be approached with intense treatment however most patients are not healthy enough to receive aggressive treatment with chemotherapy or stem cell transplantation. For those who are not able to receive a transplantation, the treatment options include AML-like chemotherapy, hypomethylating agents, supportive care alone or participation in a clinical trial. AML-like chemotherapy is still a reasonable choice for those patients who are in good clinical conditions and are younger than 65 years of age.

  12. ANÁLISE DE RISCO DE PRAGUICIDAS EM LEITE CRU E CARACTERIZAÇÃO DO USO EM PROPRIEDADES LEITEIRAS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael Fagnani

    2011-12-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo a caracterização do uso de praguicidas em propriedades leiteiras no agreste de Pernambuco e estudar a contaminação do leite cru por praguicidas organofosforados (OF e carbamatos (CB, estimando a ingestão diária provável desses resíduos pelo leite. Em 28 propriedades e em dois tanques resfriadores comunitários do agreste pernambucano foram coletadas 30 amostras de leite. A quantificação de praguicidas nas amostras foi realizada por cromatografia gasosa. Doze amostras (40% apresentaram resíduos, sendo seis (20% positivas para OF, cinco (16,7% para CB e uma (3,32% para ambos praguicidas. As médias dos praguicidas detectados no leite em ng/ml foram: 0,04 para coumafós, 0,01 para dimetoato, 0,06 para fention, 0,02 para malation, 0,02 para aldicarb, 0,02 para carbaril e 0,01 para carbofuran. Quando a Ingestão Diária Provável Média dos princípios ativos detectados no leite foi comparada à respectiva Ingestão Diária Aceitável, não houve risco para nenhuma faixa etária, considerando o consumo per capta Brasileiro, pernambucano e o consumo recomendado pelo Ministério da Saúde de leite.

  13. Análise da relação entre as informações contábeis e o risco sistemático no mercado brasileiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Luísa Gambi Cavallari Amorim

    2012-12-01

    Full Text Available De acordo com a literatura existente, as informações contábeis representam um importante estimador dos fluxos de caixa futuros da empresa, servindo, portanto, para fins de avaliação do risco de um investimento em ações. Isso porque tais informações refletem a realidade econômico-financeira da empresa em um dado período, possuindo, consequentemente, relação com o risco sistemático de um investimento, o que justifica sua utilização para fins de decisões relacionadas à composição de um portfólio de ações. Dentro desse contexto, o presente trabalho busca apresentar evidências empíricas da relação entre as informações contábeis e o risco sistemático no mercado brasileiro. Mais especificamente, objetiva-se analisar a relação entre os betas contábeis e os betas de mercado de companhias no Brasil. Para isso, foram selecionadas 97 empresas, da Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros de São Paulo (BM&FBOVESPA, de 15 setores econômicos, entre o 1º trimestre de 1995 e o 3º trimestre de 2009. Foram utilizadas 468 variáveis contábeis. Para operacionalizar a relação entre as variáveis foi utilizado um modelo de regressão com dados em painel. Os resultados evidenciaram que alguns betas contábeis podem explicar o beta de mercado e podem fazê-lo de forma antecipada, podendo, ainda, melhorar a previsão do beta de mercado quando associados a betas de mercado históricos. Por outro lado, a maior parte das versões de betas contábeis apresentou relação pouco significativa ou mesmo inexistente.

  14. Fatores de risco comportamentais acumulados para doenças cardiovasculares no sul do Brasil Factores de riesgo conductuales acumulados en enfermedades cardiovasculares en el sur de Brasil Accumulated behavioral risk factors for cardiovascular diseases in Southern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ludmila Correa Muniz

    2012-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estimar a prevalência e identificar fatores associados ao acúmulo de comportamentos de risco para doenças cardiovasculares entre adultos. MÉTODOS: Estudo transversal de base populacional com amostra representativa de 2.732 adultos de ambos os sexos de Pelotas, RS, em 2010. Os fatores de risco comportamentais investigados foram: tabagismo; inatividade física no lazer; consumo habitual de gordura aparente da carne; e consumo diário de embutidos, carne vermelha e leite integral. O desfecho do estudo foi o escore de aglomeração de fatores de risco comportamentais, variando de zero a três: nenhum fator de risco comportamental para doenças cardiovasculares ou exposição a 1, 2 ou > 3 fatores de risco comportamentais. Realizou-se regressão logística multinomial para avaliar o efeito ajustado das características individuais sobre o acúmulo de fatores de risco comportamentais, tendo como categoria de referência indivíduos sem qualquer dos fatores. RESULTADOS: A inatividade física foi o fator de risco mais prevalente (75,6%, seguido do consumo habitual de gordura aparente da carne (52,3%. Dois terços da população apresentaram dois ou mais fatores de risco comportamentais. A combinação de inatividade física e consumo habitual de gordura aparente da carne ocorreu em 17,5% da amostra; e inatividade física, consumo habitual de gordura aparente da carne e tabagismo, em 6,7%. Os odds ratios de acúmulo de dois ou mais fatores foram maiores entre homens e associaram-se inversamente com o indicador econômico nacional. CONCLUSÕES: O acúmulo de fatores de risco comportamentais para doenças cardiovasculares é elevado na população estudada. São necessárias intervenções públicas capazes de prevenir a ocorrência simultânea desses fatores.OBJETIVO: Estimar la prevalencia e identificar factores asociados con la acumulación de conductas de riesgo en enfermedades cardiovasculares entre adultos. MÉTODOS: Estudio transversal

  15. Fatores de risco e emocionais na voz de professores com e sem queixas vocais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Denise Batista da Costa

    2013-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: analisar a interferência dos fatores de riscos e emocionais na voz de professores com e sem queixa. MÉTODO: a amostra foi composta de 44 professores. Utilizou-se uma ficha com dados pessoais e profissionais, três questionários referentes aos aspectos vocais e dois questionários para dados relacionados à emoção, sobretudo ansiedade, além da coleta de voz para análise perceptivo-auditiva. Os grupos foram divididos a partir do número de sintomas relatados, estabelecendo um número de 22 voluntários no grupo de Professores Sem Queixa (PSQ e 22 no grupo Professores Com Queixas (PCQ, sendo deste grupo, os indivíduos que relataram mais de três sintomas vocais. Os dados foram analisados estatisticamente. RESULTADOS: a média do número de sintomas descritos no QSSV foi de 5,7 (±2,8 para os PCQ e de 0,8 (±0,9 para os PSQ. Os PSQ referiram uma melhor autoavaliação vocal (p= 0,01 e os PCQ afirmaram possuir um maior comprometimento em sua voz (p= 0,001. O grupo PSQ obteve os maiores valores nos escores do QVV-Físico (p=0,0007 e QVV-Total (p= 0,0006. Os PCQ obtiveram maiores valores no IDV-Total (p=0,0003 e IDV-Orgânico (p=0,0006, e um maior comprometimento emocional, com SRQ de 5,7 (±3,9 e IDATE 42,5 (±12,7. A partir da avaliação perceptivo-auditiva, os PCQ apresentaram um desvio vocal moderado com presença de rugosidade, soprosidade e tensão na voz, enquanto os PSQ evidenciam um desvio leve em todos os parâmetros. CONCLUSÃO: os professores com queixas vocais estão expostos a mais fatores de riscos, além de relatarem mais sintomas e comprometimento vocais, bem como emocionais.

  16. Associação entre atividade física e fatores de risco cardiovasculares em indivíduos de um programa de reabilitação cardíaca

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Fernanda Barbosa Bernardo

    2013-08-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A prática de atividade física (AF apresenta relação inversa com fatores de risco (FR de doenças cardiovasculares, com efeitos positivos na qualidade de vida e em outras variáveis físicas e psicológicas. Contudo, não estão estabelecidos os benefícios das atividades cotidianas. OBJETIVO: Investigar a prevalência e a associação entre dos fatores de risco cardiovasculares e diversas categorias de atividade física de pacientes de um programa de reabilitação cardíaca. MÉTODOS: Avaliou-se 69 participantes e foram verificados peso, altura e pressão arterial. Logo após, os pacientes responderam aos questionários autorreferidos para avaliar o nível de atividade física, nível de estresse e verificar a presença dos FR. Utilizou-se regressão logística para estimar a razão de chance. RESULTADOS: Encontrou-se alta prevalência de FR nos indivíduos, sendo idade e hipertensão arterial mais prevalentes, enquanto tabagismo e estresse apresentaram menor prevalência. A maioria foi classificada como sedentária, exceto para AF de locomoção (AFL. CONCLUSÃO: Há alta prevalência de FR em pacientes que frequentam programas de reabilitação cardíaca e os sedentários possuem maior chance de apresentarem os FR hipertensão arterial, obesidade, tabagismo, álcool e estresse que os ativos, dependendo da categoria de AF.

  17. Risk factors related to the severity of diabetic retinopathy Fatores de risco relacionados à gravidade da retinopatia diabética

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Zélia Maria da Silva Corrêa

    2003-12-01

    ,019 e valores mais baixos de hematócrito (p=0,004 e hemoglobina (p=0,001. CONCLUSÕES: Concluiu-se que, neste grupo estudado, a gravidade de retinopatia diabética sofreu influência de fatores de risco como tempo de duração da doença, tipo de diabete, controle metabólico da doença, níveis de hematócrito e hemoglobina, colesterol total e proteinúria. Fatores que não pareceram influenciar a gravidade da retinopatia incluem idade, sexo, hipertensão arterial e magnésio plasmático. Tais dados são semelhantes à maioria dos estudos publicados na literatura.

  18. Análise dos componentes principais e métodos multicritério ordinais no estudo de organossolos e solos afins Principal component analysis and ordinal multicriteria methods to study organosols and related soils

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo Souza Valladares

    2008-02-01

    Full Text Available Uma importante propriedade dos Organossolos, e de outros solos com alto teor de C orgânico para predizer o potencial de uso e riscos de degradação, é o grau de subsidência (perda de massa e volume. Nos Organossolos ocorrem diferentes riscos de subsidência, resultantes de seus atributos, em especial da natureza da matéria orgânica e do ambiente de deposição. Este estudo foi realizado com dados de 19 perfis de solos de diferentes regiões do Brasil. Foram adotados os procedimentos da SBCS para descrição e coleta dos perfis, e os métodos analíticos da Embrapa Solos para caracterização dos solos. A análise dos componentes principais foi utilizada para agrupar os perfis com o auxílio de atributos morfológicos, físicos, químicos e do ambiente de ocorrência e mostrou-se adequada no agrupamento dos solos estudados com base em seus atributos, comparando-se com a sua taxonomia. Neste artigo foram usados os métodos multicritério ordinais de Borda, Condorcet e Copeland para ordenar, segundo o risco de subsidência, os perfis de Organossolos estudados. Os resultados mostram correlação entre os métodos (exceto Condorcet, que não foi capaz de ordenar as alternativas e o resíduo mínimo, parâmetro usual para avaliar subsidência. Isso indica eficácia para ordenar/classificar os perfis de solos estudados quanto ao risco de subsidência. Os métodos quantitativos utilizados neste trabalho mostraram-se promissores como ferramentas em estudos na Ciência do Solo.One important property of Organosols (Histosols (and soils with high content of organic carbon to predict use potential and degradation risks is the degree of subsidence (loss of mass and volume. In Organosols the subsidence risks vary according to the soil attributes, mainly the nature of organic matter and deposition environment. In this paper we studied 19 soil profiles from different parts of the country, collected and described according to procedures recommended by the

  19. Síndrome metabólica: identificando fatores de risco Metabolic syndrome: identifying the risk factors

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Simão Augusto Lottenberg

    2007-11-01

    Full Text Available OBJETIVOS Discutir a síndrome metabólica e a identificação de seus fatores de risco, inclusive na faixa etária pediátrica. FONTES DE DADOS: Artigos de revisão indexados. SÍNTESE DOS DADOS:A síndrome metabólica caracteriza-se pela resistência à insulina e pela presença de fatores de risco para doenças cardiovasculares e diabetes melito tipo 2. Não existe ainda um consenso com relação a seus critérios diagnósticos. Na presente revisão, os critérios diagnósticos da Associação Americana de Cardiologia (US National Cholesterol Education Program, Associação Americana de Endocrinologistas Clínicos, Organização Mundial da Saúde e Federação Internacional de Diabetes são apresentados, e as possibilidades de aplicação dos mesmos na infância são discutidas. São também abordados os aspectos fisiopatológicos da síndrome, principalmente aqueles relacionados ao período perinatal e à infância. CONCLUSÃO: A síndrome metabólica tem sido identificada de forma cada vez mais freqüente, principalmente durante a adolescência. Mudanças de estilo de vida, como alimentação e atividade física, são fundamentais na sua prevenção e tratamento. Tratamento medicamentoso e, eventualmente, tratamento cirúrgico também devem ser considerados, dependendo da gravidade, mesmo nesta fase da vida.OBJECTIVES: To discuss the metabolic syndrome and identify its risk factors, including in the pediatric age group. SOURCES: Indexed review articles. SUMMARY OF THE FINDINGS: The metabolic syndrome is characterized by insulin resistance and the presence of risk factors for cardiovascular diseases and diabetes mellitus type 2. Consensus has not yet been reached on its diagnostic criteria. This review presents diagnostic criteria defined by the American Heart Association (US National Cholesterol Education Program, the American Association of Clinical Endocrinologists, the World Health Organization and the International Diabetes Federation

  20. Emprego de modelo de susceptibilidade a escorregamentos rasos para gestão de riscos de desastres no município de Vitória-ES / Employment of shallow landslides model for disaster hazard management in the city of Vitória-ES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renato Fontes Guimarães

    2013-04-01

    Full Text Available O Brasil está entre os 10 países mais atingidos por desastres naturais no mundo e os deslizamentos constituem-se num dos principais riscos geológicos do País, muitas vezes condicionado pela ocupação das encostas que provocam alterações ampliando a possibilidade dessas ocorrências. Nesse contexto, apresenta-se como essencial a busca por ferramentas e instrumentos que permitam conhecer os riscos potenciais de determinadas áreas e com isso adotar medidas antecipatórias ou preventivas. Uma dessas ferramentas são os modelos de predição de áreas susceptíveis à escorregamentos. Desta forma, o objetivo deste trabalho é aplicar um modelo matemático de predição de escorregamentos para a gestão de riscos como subsídios às políticas públicas locais no Município de Vitória/ES. Para isso, foi definida como área de estudo a parte do município denominada Ilha de Vitória. As cartas topográficas na escala 1:5.000 foram editadas e utilizadas para a geração do modelo digital de terreno (MDT e dos atributos morfométricos (área de contribuição e declividade. Como parâmetros de solo foram testados oito conjuntos de dados provenientes de áreas semelhantes. Em seguida foi aplicado o modelo Shalstab, que combina o modelo hidrológico com o modelo de estabilidade da encosta e possibilita a definição de áreas susceptíveis a escorregamentos. Os oito modelos foram integrados em uma única imagem a partir do maior valor de instabilidade entre todas as simulações. A partir desse mapa de susceptibilidade de escorregamento foi possível definir as áreas de atenção, prioritárias para o desenvolvimento e a definição de ações de gestão do risco de desastres na região.

  1. ANÁLISE ERGONÔMICA DOS POSTOS DE TRABALHO DE OPERADORES DE CAIXA DE SUPERMERCADO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lucimara Ballardin

    2005-06-01

    Full Text Available Esta pesquisa teve o objetivo avaliar as condições de trabalho e os postos de trabalho dos operadores de caixa dos principais supermercados da cidade de Santa Maria (RS.Um total de 60 operadores de caixa de 9 supermercados foram incluídos no estudo. A coleta de dados foi realizada através de questionários, mensuração do posto de trabalho (antropometria e mobiliário, observações diretas e aplicação do  check-list. Os resultados demonstraram condições de trabalho prejudiciais à saúde, como longas jornadas de trabalho e alta prevalência de desconfortos músculo-esqueléticos. A sintomatologia foi avaliada pelos trabalhadores como resultado de fatores relacionados ao trabalho, como movimentos biomecânicos de passagem e registro de mercadorias, posturas exigidas pelo posto de trabalho e mobiliário utilizado no posto de trabalho. As observações diretas analisaram as rotinas do trabalho e apontaram os movimentos realizados pelos operadores. A comparação entre medidas do mobiliário e antropometria demonstra incompatibilidade entre os componentes do posto de trabalho. A aplicação do  check-list confirmou o alto  risco de Distúrbio Osteomuscular Relacionado ao  Trabalho e a necessidade de  melhorias nas condições de trabalho desta categoria profissional.

  2. Um modelo coerente de gerenciamento de risco de liquidez para o contexto brasileiro

    OpenAIRE

    Mauro Mastella

    2008-01-01

    O objetivo desta dissertação é desenvolver um modelo de gestão de risco de liquidez que flexibilize as principais simplificações geralmente realizadas pelas instituições financeiras na aplicação de testes de estresse para gerenciamento do risco de liquidez. Assim, esta pesquisa consiste em estimar um fluxo de caixa unificado de uma instituição sob diferentes cenários econômicos, testando se as volatilidades implícitas das opções são um bom indicador de mudanças significativas no mercado de ca...

  3. Inclusão dos idosos no meio digital com educação em saúde: projeto piloto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Samir Antonio Rodrigues Abjaude

    2013-09-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.5007/1807-0221.2013v10n15p129 O Brasil esta passando por uma modificação na faixa etária populacional com o aumento do número de idosos, sendo que estes possuem tendência de perdas cognitivas de memória e maior uso de medicamentos. Objetivo: Assim o projeto UNAFAL teve como proposta o desenvolvimento de ações educativas em saúde na inclusão digital para formar idosos mais esclarecidos quanto ao uso racional de medicamentos e com acesso a informação em saúde. Além disso, formar o acadêmico para orientação farmacêutica e educação em saúde. Método: Produção de setes materiais educativos para trabalhar juntamente com ferramentas da informática destinado a idosos, no período de maio a novembro de 2012. Criação de um questionário para avaliar o período anterior e posterior da intervenção do projeto.  Resultado: As palestras apresentaram um rendimento positivo, alcançando o aproveitamento final de 78,92% na analise dos questionários dos idosos. Já para os acadêmicos, o projeto elevou a didática de ensino e contribuiu para promoção de saúde.  Conclusão: Desse modo o estudo visou que o acesso digital aumentaria as informações e poderia colaborar com o tratamento dos participantes, e os acadêmicos observaram que pequenas ações podem contribuir para a construção de uma sociedade mais preparada, para enfrentar criticamente as informações vinculadas aos medicamentos.

  4. Caracterização epidemiológica e fatores de risco associados às lentiviroses em pequenos ruminantes comercializados em feira de animais no Sertão de Pernambuco, semiárido brasileiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Romero Alexandre Alves

    2017-08-01

    Full Text Available Aglomerações de animais em eventos comerciais do tipo feiras de negócios representam um importante elo na transmissão de doenças infecciosas, resultando na importância do conhecimento acerca da epidemiologia das doenças de pequenos ruminantes. Desta forma, o objetivo desse estudo foi determinar a presença das lentiviroses em caprinos e ovinos comercializados na feira de animais da cidade de Tabira, Sertão de Pernambuco, bem como a identificação de possíveis fatores de risco associados à enfermidade. Foram coletadas amostras de soro de 233 caprinos e 119 ovinos, sem raça definida, pertencentes a doze proprietários, na feira de animais vivos do município no período de novembro de 2014 a junho de 2015. Foi aplicado questionário epidemiológico para análise dos fatores de risco. O diagnóstico da infecção por Lentivirus de Pequenos Rumina