WorldWideScience

Sample records for treinamento neuromuscular sobre

  1. Efeito de um programa de treinamento de facilitação neuromuscular proprioceptiva sobre a mobilidade torácica Effect of a training program based on proprioceptive neuromuscular facilitation onto thoracic mobility

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marlene Aparecida Moreno

    2009-06-01

    Full Text Available A proposta deste estudo foi analisar o efeito de um programa de treinamento de membros superiores baseado nas técnicas de facilitação neuromuscular proprioceptiva (FNP sobre a mobilidade torácica. Foram estudadas 24 voluntárias sedentárias, idade 22,9 ± 2,9 anos, divididas em grupo controle (GC, que não participou do treinamento, e grupo treinado (GT. O protocolo de treinamento físico foi constituído por um programa de exercícios de FNP, realizado três vezes por semana, durante quatro semanas. Os dois grupos foram submetidos à avaliação da mobilidade torácica por meio de cirtometria, antes e após o período de treinamento. Os dados colhidos foram analisados estatisticamente, com nível de significância α = 5%. Os valores da cirtometria axilar e xifoideana do GC antes e após o período de intervenção não apresentaram alterações significativas (p>0,05. No GT os valores das variáveis foram significantemente maiores após a intervenção (pThe purpose of this study was to analyse the effect of an upper limb training program based on proprioceptive neuromuscular facilitation (PNF techniques on thoracic mobility. The study was carried out with 24 sedentary female volunteers, aged 22.9±2.9 years. Participants were divided into a control group (CG, who did not perform any exercise, and a trained group (TG, submitted to training. The physical training protocol consisted of a PNF exercise program, three times a week for four weeks. The two groups were assessed as to thoracic mobility by means of cirtometry before and after the training period. Data were statistically analysed and significance level set at α=5%. In CG, initial axillary and xiphoid cirtometry values showed no significant differences when compared to data obtained on the final evaluation (p>0.05. TG measures, in turn, were significantly higher after the training program (p<0.05. The PNF protocol here proposed seems hence to be an efficient exercise program to

  2. Efeitos de um programa de treinamento neuromuscular sobre o consumo máximo de oxigênio e salto vertical em atletas iniciantes de voleibol Los efectos de un programa de entrenamiento neuromuscular nel consumo máximo de oxígeno y salto vertical en atletas principiantes de voleyball Effects of a neuromuscular training program on the maximal Oxygen consumption and vertical jump in beginning volleyball players

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre Altini Neto

    2006-02-01

    Full Text Available As alterações ocorridas na performance motora de jovens envolvidos em treinamentos especializados ainda não são muito claras. Este é um conhecimento de suma importância para a correta prescrição desses treinos. O objetivo deste estudo foi verificar a influência do treinamento nas variáveis neuromotoras e orgânicas de jovens atletas na modalidade voleibol em diferentes momentos do programa. Foram selecionadas nove atletas, do sexo feminino, da equipe infantil, do Clube de Campo de Piracicaba/SP, na faixa etária de 14 e 15 anos, para a realização dos testes: alcance de ataque e bloqueio e o teste de 1.000 metros, com o objetivo de avaliar, em três momentos distintos, o programa de treino sugerido. Foram realizadas quatro coletas de dados, a primeira na apresentação das atletas, a segunda no final da etapa geral, a terceira no final da etapa especial e a última no final do período competitivo. No período preparatório foram utilizados exercícios com o objetivo de melhorar o desempenho das atletas na realização das ações motoras do jogo. No competitivo foram realizados exercícios com o objetivo de manter os índices de rendimento alcançados anteriormente, priorizando os exercícios coletivos envolvendo a técnica e a tática da modalidade. Com base na análise estatística dos dados, obtida através do cálculo da média, desvio-padrão, nível de significância (p Todavía no están claras las alteraciones de la actuaciones deportivas de juventud involucrada en entrenamientos especializados. Éste es un conocimiento de suma importancia para la prescripción correcta de los entrenamientos. El objetivo de este estudio fue verificar la influencia del entrenamiento en las variables neuromotoras y orgánicas de atletas jóvenes en la modalidad de voleyball en momentos diferentes de un programa. Se seleccionaron 9 atletas, mujeres, del equipo infantil, del Club de Campo de Piracicaba/SP, con edades de 14 y 15 años, para el

  3. ESTUDO SOBRE OS RESULTADOS DA IRRIGAÇÃO EM COLOSTOMIZADOS SUBMETIDOS A UM PROCESSO DE TREINAMENTO SISTEMATIZADO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vera Lucia Conceição de G. Santos

    Full Text Available O presente estudo versa sobre os resultados do emprego da auto-irrigaçâo por 40 colostomizados, por nós treinados através de um processo de treinamento sistematizado. A efetividade do processo de treinamento pode ser constatada à medida que a maioria dos clientes o adotou em seus itens básicos, apontando pequeno número de dificuldades técnicas. Quanto aos resultados da autoirrigaçâo, como método de controle do hábito intestinal, verificou-se que 37,50% da população apresentou ausência de perdas fecais e 42,50%, perdas esporádicas entre as irrigações; 27,50% e 35,00% com ausência e redução dos gases nesses intervalos, respectivamente e 32,50% e 37,50% com abolição total e parcial do uso da bolsa coletora, respectivamente.

  4. Efeitos do treinamento resistido sobre o perfil lipídico de indivíduos com síndrome metabólica

    OpenAIRE

    Albarello, R.A.; Boufleur Farinha, J.; Reckelberg Azambuja, C.; Lopes dos Santos, D.

    2016-01-01

    Objetivo: Investigar os efeitos do treinamento resistido sobre o perfil lipídico de indivíduos com síndrome metabólica. Método: Dez indivíduos sedentários (52.88 ± 10.9 anos) com síndrome metabólica completaram um protocolo de treinamento resistido, com duração total de 15 semanas e frequência semanal de 3 vezes. Antes e após o treinamento resistido, foram analisados parâmetros antropométricos, como massa corporal, índice de massa corporal, circunferências do abdômen, cintura, quadril, per...

  5. Efeito do intervalo entre sessões de exercício de força sobre o desempenho neuromuscular

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Charles Ricardo Lopes

    2014-10-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: O intervalo de recuperação entre sessões é uma variável do treinamento de força fundamental para garantir a recuperação da capacidade neuromuscular. OBJETIVO: Comparar o efeito do tempo de recuperação entre sessões consecutivas de exercício de força sobre o desempenho neuromuscular de homens treinados. MÉTODOS: Oito homens treinados em força (21,6 ± 3,3 anos; 75,1 ± 11,3 kg; 178,2 ± 6,8 cm realizaram duas sessões de exercício de força randomizadas e cruzadas, repetidas com intervalo de recuperação de 24h ou 48h. As sessões consistiram dos exercícios supinos reto, inclinado e declinado executadas em cinco séries de 10 repetições com intensidade de 70% de uma repetição máxima (1RM para cada exercício. O desempenho neuromuscular pós-sessão de exercício (força, potência e velocidade, foi avaliado por meio de acelerômetro (Myotest(r, com carga de 50% de 1RM, no exercício supino reto. RESULTADOS: Ambas as sessões (24 e 48h apresentaram redução significante (P0,05. CONCLUSÃO: Os resultados sugerem que o intervalo de recuperação de 24h é suficiente para a recuperação do desempenho neuromuscular de membros superiores em homens treinados.

  6. Resúmenes de los trabajos sobre las Enfermedades Neuromusculares

    OpenAIRE

    Congreso Nacional de Neurología

    2010-01-01

    Las enfermedades neuromusculares constituyen un conjunto de afectaciones que afectan las neuronas motoras periférica, las vías motoras eferentes o los efectores (músculos esqueléticos). Sus manifestaciones clínicas son muy variadas y dependen de la causa y de los niveles de afectación. En este acápite se pueden encontrar los resúmenes de trabajos relacionados con el síndrome de Guillain Barre, polineuropatía diabética, Atrofia Muscular Espinal, Distrofia miotónica y otros todos presentados en...

  7. Efeitos agudos do treinamento concorrente sobre os níveis séricos de leptina e cortisol em adultos jovens sobrepesados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Iara S. Cruz

    2012-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Este estudo teve como objetivo analisar os efeitos imediatos do treinamento concorrente sobre a leptina e os níveis de cortisol em adultos jovens com sobrepeso. MÉTODOS: Este estudo utilizou uma metodologia quase-experimental. Foram 20 indivíduos voluntários de ambos os sexos, divididos em um grupo sobrepesado treinamento (GST n = 10 e um grupo sobrepesado controle (n = 10. A coleta de sangue foi realizada com os indivíduos em repouso após jejum de 12 horas. Os níveis de leptina e cortisol foram analisados por radioimunoensaio e ensaio por quimioluminescência chimiluminescence antes e imediatamente após o treinamento. ANOVA two way foi utilizada para análise estatística com nível de significância de p < 0,05. RESULTADOS: Na análise da leptina sérica, observou-se diferença significativa intergrupos (GST x GSC nos momentos pré-intervenção (p = 0,02 e pós-intervenção (p = 0,01. Na análise intragrupos, não foram observadas alterações significativas. E na análise do cortisol sérico intergrupos (GST x GSC, foi observada uma diferença significativa nos momentos pré-intervenção (p = 0,01 e pós-intervenção (p = 0,01, porém, na análise intragrupos, não houve alterações significativas. CONCLUSÃO: Uma única sessão de treinamento concorrente não é suficiente para promover alterações agudas nos níveis de leptina e cortisol dos jovens adultos sobrepesados voluntários deste estudo.

  8. O papel do esteroide anabolizante sobre a hipertrofia e força muscular em treinamentos de resistência aeróbia e de força

    OpenAIRE

    Carmo,Everton Crivoi do; Bueno Junior,Carlos Roberto; Fernandes,Tiago; Barretti,Diego; Soares,Stéphano Freitas; Silva Junior,Natan Daniel da; Uchida,Marco Carlos; Brum,Patrícia Chakur; Oliveira,Edilamar Menezes de

    2011-01-01

    INTRODUÇÃO: Os efeitos dos esteroides anabolizantes (EA) sobre a massa muscular e força são controversos e dependentes do treinamento realizado e das fibras musculares recrutadas. Com isso, o objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos da associação de EA ao treinamento de força ou aeróbio sobre a hipertrofia e força muscular. MÉTODOS: Ratos Wistar (42) foram divididos em seis grupos: sedentário (SC, n = 7), sedentário anabolizante (SA, n = 7), treinado natação controle (TNC, n = 7), treinad...

  9. Efeitos do treinamento neuromuscular na aptidão cardiorrespiratória e composição corporal de atletas de voleibol do sexo feminino Effects of the neuromuscular training in the cardiorespiratory fitness and body composition of female volleyball athletes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Adamoli Simões

    2009-08-01

    Full Text Available As respostas do organismo humano submetido a estímulos diversos, mensuradas através de parâmetros de performance, têm sido objeto de estudo a fim de aprimorar os métodos de treinamento. O objetivo deste estudo foi investigar os efeitos do treinamento neuromuscular na capacidade cardiorrespiratória e composição corporal de atletas de voleibol. Foram avaliadas 11 mulheres, antes e após 12 semanas de treinamento, referente à fase preparatória do ciclo anual de treinamento. O protocolo experimental constou de avaliação da composição corporal (percentual de gordura, massa magra e a gordura corporal e da aptidão cardiorrespiratória por meio de ergoespirometria em esteira rolante com protocolo contínuo e carga crescente, na qual se determinaram o consumo máximo de oxigênio, a frequência cardíaca máxima, o limiar anaeróbio, a frequência cardíaca do limiar anaeróbio e a velocidade do limiar anaeróbio. O treinamento teve frequência de cinco dias por semana dividido em duas sessões: uma de treinamento de força e outra de treinamento técnico e tático. Após o período estudado ocorreram aumentos (p The responses of the human body submitted to several stimuli measured by performance parameters have been object of studies in order to improve training methods. The aim of this study was to investigate the effects of the neuromuscular training in the cardiorespiratory fitness and body composition of volleyball athletes. Eleven women were assessed before and after 12 weeks of training, concerning the preparatory phase of the annual training cycle. The experimental protocol consisted of assessment of the body composition (fat percentage, lean mass and body fat and of the cardiorespiratory fitness through ergospirometry on treadmill with continuous protocol and increasing load, in which the oxygen maximal uptake, maximum heart rate, anaerobic threshold, heart rate threshold and anaerobic threshold velocity were determined. The

  10. Does neuromuscular exercise training improve proprioception in ankle lateral ligament injury among athletes?: systematic review and meta-analysis = O treinamento neuromuscular melhora a propriocepção em lesão ligamentar lateral do tornozelo entre atletas?: revisão sistemática e metanálise

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kalirtahinam, Deivendran

    2017-01-01

    Full Text Available Objetivos: A taxa de prevalência de lesões no complexo ligamentar lateral vem aumentando entre os atletas a uma velocidade constante. Este estudo teve por objetivo descrever sistematicamente os achados relacionados à eficácia dos programas de treinamento na propriocepção entre atletas com lesão ligamentar do tornozelo. Métodos: Foi realizada uma busca em bases de dados online ( Google Scholar, PubMed, EBSCOhost e ProQuest com o uso de diferentes mecanismos de busca, para revisão sistemática e metanálise. Os descritores comuns foram NEUROMUSCULAR, EXERCISE, TRAINING, PROPRIOCEPTION, and ATHLETES. Os estudos relacionados ao assunto, os que continham recursos relevantes e aqueles publicados nos últimos 10 anos foram usados como critério de inclusão. A qualidade metodológica foi avaliada pela escala PEDro. Foi feita uma metanálise dos estudos selecionados a fim de avaliar a eficácia da intervenção. Resultados: Inicialmente, foram selecionados 200 artigos de pesquisa. Após uma avaliação detalhada, restaram 15 artigos. Cinco estudos de qualidade moderada a excelente foram selecionados, totalizando 2. 459 participantes. Verificou-se, principalmente, que o entorse de tornozelo e suas complicações podem ser evitados facilmente com o auxílio de programas de treinamento (cinco estudos, risco relativo: 0,69, IC 96%: 0,65-0,87. Observou-se uma relação estatisticamente significativa em termos dos efeitos preventivos do treinamento na propriocepção entre atletas. Conclusões: Os programas de treinamento preventivos foram úteis aos atletas em termos de propriocepção, reduzindo o risco de entorses de tornozelo

  11. EFEITOS DO TREINAMENTO COMBINADO SOBRE A FORÇA, RESISTÊNCIA E POTÊNCIA AERÓBICA EM IDOSAS

    OpenAIRE

    Guedes, Janesca Mansur; Bortoluzzi, Marília Guedes; Matte, Luciana Pauline; Andrade, Ciele Maria de; Zulpo, Nilciane Coppatti; Sebben, Vanessa; Tourinho Filho, Hugo

    2016-01-01

    RESUMO Introdução: O envelhecimento traz várias modificações, entre as quais o declínio progressivo das funções fisiológicas do organismo. Tanto o treino de força quanto um programa de resistência aeróbica são importantes para evitar o declínio funcional associado à idade. Objetivo: Avaliar os efeitos de um programa de treinamento combinado de força e resistência aeróbica sobre a força de preensão manual, a massa muscular, a resistência e potência aeróbica de idosas. Métodos: Trinta e cinc...

  12. Efeito de uma sessão de treinamento de força sobre a qualidade do sono de adolescentes

    OpenAIRE

    Santiago, Ladyodeyse da Cunha Silva; Lyra, Maria Julia; Cunha Filho, Moacyr; Cruz, Pedro Weldes da Silva; Santos, Marcos André Moura dos; Falcão, Ana Patrícia Siqueira Tavares

    2015-01-01

    INTRODUÇÃO: o sono é uma função biológica fundamental para a conservação da energia e a restauração do metabolismo energético.OBJETIVO: analisar o efeito de uma sessão do treinamento de força realizada em diferentes horários sobre a qualidade do sono de adolescentes e examinar se a relação entre a melhoria da qualidade do sono e o horário da sessão de treino se altera após o ajuste para idade.MÉTODOS: participaram do estudo seis estudantes do sexo masculino moradores internos do IFPE - Campus...

  13. Efeito do treinamento resistido sobre a osteoporose após a menopausa: estudo de atualização Effect of resistance training on postmenopausal osteoporosis: update

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcia Salazar Jovine

    2006-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Investigar o efeito de intervenções com treinamento resistido sobre a força muscular e densidade mineral óssea nos sítios de maior ocorrência de fraturas relacionadas a osteoporose em mulheres no estágio de vida após a menopausa. METODOLOGIA: Estudo de atualização por meio de revisão sistemática de ensaios controlados randomizados e meta-análise nas bases de dados do Colégio Americano de Medicina Esportiva e da Biblioteca Cochrane no período compreendido entre os anos de 1985 e fevereiro de 2005. RESULTADOS: Foram encontrados vinte e seis estudos que atenderam os critérios de inclusão, realizados nos países Alemanha, Austrália, Áustria, Canadá, China, Estados Unidos, França, e Japão, com um total de 2.300 mulheres com idades entre 40 e 92 anos. Intervenções com treinamento resistido apresentaram resultados estatisticamente significantes sobre a força muscular e a densidade mineral óssea nos sítios vértebras lombares, fêmur (triângulo de Ward/trocanter e quadril total. CONCLUSÃO: O treinamento resistido mostrou ser capaz de prover estímulo para aumentar a força muscular e a formação óssea, influenciando os fatores de risco relacionados com osteoporose e quedas seguidas de fratura em mulheres no estágio de vida após a menopausa.OBJECTIVE: to investigate the effect of interventions with resistance training on muscular strength and bone mineral density on the sites of higher incidence of osteoporotic fractures in postmenopausal women. METHODOLOGY: update study through a systematic review of randomized controlled trials and meta-analysis in the databases of the American College of Sports Medicine and the Cochrane Library was conducted from 1985 up to, and including, February 2005. RESULTS: twenty-six studies met inclusion criteria from Germany, Australia, Austria, Canada, China, United States, France and Japan, with a total of 2,300 women with ages ranging from 40 to 92 years. Interventions with

  14. Efeito de oito semanas de treinamento funcional sobre a composição corporal e aptidão física de idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Paulo Farias

    2015-12-01

    Full Text Available Objetivo: avaliar o efeito de oito semanas de treinamento funcional sobre a composição corporal e aptidão física de idosos. Método: a amostra foi composta por 10 idosas (65,33 ± 4,08 anos, fisicamente ativas. O programa de exercícios funcionais foi realizado por um período de oito semanas consecutivas. A intensidade do exercício foi determinada por meio da percepção subjetiva de esforço (PSE de Borg. Os testes utilizados para avaliar a capacidade funcional foram: teste de equilíbrio estático; teste de velocidade de levantar de uma posição sentada; teste de flexão do cotovelo; teste de levantar da cadeira em 30 segundos. A composição corporal foi avaliada através do aparelho de bioimpedância. Resultados: melhoras significativas foram observadas na mobilidade (p=0,018, força de membros superiores (p=0,000 e força de membros inferiores (p=0,000. Com relação a composição corporal, não foram identificadas nenhuma alteração significativa para nenhuma das variáveis analisadas. Conclusão: diante do exposto, conclui-se que oito semanas de treinamento funcional foram eficazes para a melhora da aptidão física de idosos.

  15. Efectos del entrenamiento de fuerza con distintas intensidades relativas y nivel de rendimiento inicial sobre las respuestas neuromuscular y hormonal

    OpenAIRE

    Otero Esquina, Carlos

    2017-01-01

    Programa de Doctorado en Actividad Física, Rendimiento Deportivo y Salud El objetivo de la presente tesis doctoral fue comprobar los efectos de dos tipos de entrenamiento de fuerza distintos en intensidad e igualados en volumen en el ejercicio de sentadilla completa sobre la respuesta neuromuscular y hormonal. Para ello se realizaron 3 estudios en los que se analizaron: Estudio 1: Efectos del entrenamiento de fuerza con distintas intensidades sobre la mejora en la capacidad de salto, e...

  16. Efeitos do treinamento físico sobre a resistência mecânica do terço proximal do fêmur de ratos

    OpenAIRE

    Aguiar,Andreo Fernando; Agati,Leandro Barile; Müller,Sérgio Swain; Pereira,Oduvaldo Camara; Dal-Pai-Silva,Maeli

    2010-01-01

    OBJETIVO: Analisar o comportamento mecânico do terço proximal do fêmur de ratos submetidos ao treinamento aeróbio e resistido crônicos. MÉTODOS: Ratos Wistar machos (80 dias, 300 a 350 g) foram divididos em 3 grupos (n=8 por grupo): Treinamento aeróbio/8 semanas (TA), Treinamento resistido/8 semanas (TR) e controle/8 semanas (CO). Ao término do período de treinamento os animais foram sacrificados e o fêmur direito coletado. Para análise do comportamento mecânico do fêmur foram realizados ensa...

  17. PREVENÇÃO DE LESÕES EM FUTEBOLISTAS ATRAVÉS DO TREINAMENTO NEUROMUSCULAR E PROPRIOCEPTIVO EM MEMBROS INFERIORES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Léo de Paiva Montenegro

    2014-02-01

    Full Text Available Objective: To study the importance of neuromuscular and proprioceptive training in football for the prevention of sports injuries in the lower limbs. Materials and Methods: We performed a literature review using the virtual databases Bireme, Scielo and Medline. Were used articles published between 1995 and 2012. Results: The study addressed the types, location of injury in football, showed that the lower limb is more affected by injury, being physical contact or without physical contact. Intervention programs are shown effective in increasing muscular strength, muscular endurance, agility, power and increased proprioception. Discussion: Due to the different mechanisms responsible for the injuries and the considerable increase of injuries in high performance sports, the study of means to prevent injury was drafted. Many studies have shown the effectiveness of training programs and proprioceptive neuromuscular to reduce the number of injuries during the season and to reduce the distance between the matches. Low cost programs may reduce the incidence of injuries in football. Conclusion: The neuromuscular and proprioceptive training can prevent injuries in football players due to the protective action in joints and muscles, should being included in the training of athletes.

  18. Aula mix e treinamento resistido: comparação da influência do treinamento sobre valências físicas - doi: 10.5102/ucs.v12i2.2983

    OpenAIRE

    Giuliano Roberto Silva; Arthur Alves Silva; Marcela Cardoso Costa Oliveira

    2014-01-01

    O estudo objetivou comparar Aula Mix e Treinamento Resistido avaliando quais teriam maior influência no percentual de gordura, flexibilidade e força. Foram elencadas 20 universitárias entre 20 e 30 anos, em dois grupos, n1 = 10 praticantes de Aula Mix (jump, cycle indoor, step e ginástica localizada) e n2 = 10 praticantes de Treinamento Resistido. Os treinos foram realizados durante 8 semanas em 3 sessões de 60 minutos, em dias alternados. Os métodos de avaliação foram: “Sargent Jump”, arreme...

  19. Investigação das alterações osteo-metabólicas e cardio-respiratórias ocorridas após o treinamento de marcha sob estimulação elétrica neuromuscular em pacientes tetraplégicos Investigation of osteometabolic and cardio-respiratory changes occurring after gait training under neuromuscular electric stimulation in quadriplegic patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela Cristina Leite de Carvalho

    2006-01-01

    Full Text Available Este trabalho objetivou avaliar o efeito do treinamento de marcha, com estimulação elétrica neuromuscular (EENM, nos sistemas esquelético e cardio-respiratório de tetraplégicos (C4-C8 completos. Consumo de oxigênio (VO2, produção de dióxido de carbono (VCO2, ventilação minuto (VE, freqüência cardíaca (FC, pressão arterial (PA, gasto energético, análise de marcadores ósseos (osteocalcina, fosfatase alcalina óssea, piridinolina e deoxipiridinolina e densitometria óssea (DEXA do colo femoral e fêmur total foram realizados no início e após seis meses. Onze pacientes realizaram marcha sobre esteira ergométrica, com EENM e descarga entre 60-70% do peso corporal, durante seis meses, duas vezes semanais, vinte minutos diários. Dez pacientes não realizaram marcha. No grupo de marcha, 81,8% apresentaram aumentos significativos nos marcadores de formação, dos quais 72,7% também apresentaram diminuição da reabsorção óssea. No grupo controle, 20% apresentaram aumento na formação óssea. Os resultados da DEXA foram, em geral, opostos àqueles dos marcadores ósseos. Os testes cardio-respiratórios mostraram um aumento significativo para VO2 l/min (36%, VCO2 (42,97%, VE (30,48%, PAS mmHg (4,8% e gasto energético kcal/min (37,68%. No grupo controle, apenas o VO2 l/min aumentou significativamente (26,29%. O treinamento de marcha com EENM foi mais eficiente para aumentar a taxa de formação óssea e a capacidade aeróbica dos tetraplégicos.This study was aimed to evaluate the effects of gait training with neuromuscular electric stimulation (NMES on skeletal and cardio-respiratory systems of full quadriplegic patients (C4-C8. Aerobic power (VO2, carbon dioxide production (VCO2, minute ventilation (VE, heart rate (HR, blood pressure (BP, energy consumption, bone markers analysis (osteocalcin, bone alkaline phosphatase, pyridinoline, and deoxypyridinoline and bone densitometry (DEXA of the femoral neck and total femur were

  20. A influência do treinamento de força e do treinamento aeróbio sobre as concentrações hormonais de testosterona e cortisol

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Rangel de Araújo

    2008-06-01

    Full Text Available A intenção desse trabalho é rever a influência do treinamento aeróbio e de força, perante as concentrações agudas e crônicas dos hormônios testosterona e cortisol. Além disso, verificar outros fatores importantes, tais como idade, alimentação e ritmo circadiano, os quais podem modificar agudamente as concentrações de testosterona e cortisol, dificultando assim o entendimento das respostas hormonais desencadeadas pelo treinamento. Apesar das diversas controvérsias encontradas no presente estudo, as atividades periodizadas e de alta intensidade parecem estimular maiores liberações de testosterona e pouca liberação de cortisol, potencializando, consequentemente, os níveis de força e hipertrofia muscular. Todavia, novos estudos devem ser realizados com delineamentos mais adequados respeitando as diversas interações (alimentação, idade, sexo, nível de experiência com o treinamento físico, etc. que envolvem o treinamento físico.

  1. O papel do esteroide anabolizante sobre a hipertrofia e força muscular em treinamentos de resistência aeróbia e de força

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Everton Crivoi do Carmo

    2011-06-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Os efeitos dos esteroides anabolizantes (EA sobre a massa muscular e força são controversos e dependentes do treinamento realizado e das fibras musculares recrutadas. Com isso, o objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos da associação de EA ao treinamento de força ou aeróbio sobre a hipertrofia e força muscular. MÉTODOS: Ratos Wistar (42 foram divididos em seis grupos: sedentário (SC, n = 7, sedentário anabolizante (SA, n = 7, treinado natação controle (TNC, n = 7, treinado natação anabolizante (TNA, n = 7, treinado força controle (TFC, n = 7 e treinado força anabolizante (TFA, n = 7. O EA foi administrado duas vezes por semana (10mg/kg/semana. Os protocolos de treinamento foram realizados durante 10 semanas, cinco sessões semanais. Foram avaliadas a hipertrofia dos músculos sóleo, plantar e gastrocnêmio (massa muscular corrigida pelo comprimento da tíbia, a proteína total muscular (Bradford e a força muscular em patas traseiras (testes de resistência à inclinação. RESULTADOS: Não foram observadas diferenças significantes na hipertrofia do músculo sóleo. Os grupos TFC e TFA apresentaram, respectivamente, hipertrofia de 18% e 31% no músculo plantar comparado ao grupo SC. A hipertrofia foi 13% maior no grupo TFA em relação ao grupo TFC. Resultados semelhantes foram encontrados no músculo gastrocnêmio. Os grupos TFC e TFA apresentaram significantes aumentos na quantidade total de proteína nos músculos plantares, sendo essa mais pronunciada no grupo TFA e positivamente correlaciona a hipertrofia muscular. Observamos aumento de força nas patas traseiras nos grupos TCF e TAF. CONCLUSÃO: A administração de EA ou sua associação ao treinamento aeróbio não aumenta a massa muscular e força. Porém, à associação ao treinamento de força leva a maior hipertrofia muscular em fibras glicolíticas. Portanto, o tipo de treinamento físico, recrutamento muscular e características das fibras

  2. Efeitos do treinamento físico com o uso da Thera-band® sobre variáveis físicas e antropométricas de bailarinas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniele Borba de Assunção Santiago

    2015-09-01

    Full Text Available O ballet é uma modalidade que requer grande aptidão física dos praticantes; assim, o desenvolvimento de capacidades físicas específicas para a prática de ballet se torna de grande importância na execução e performance desta modalidade de dança. Existem várias formas de desenvolver e treinar tais capacidades físicas e dentre os métodos mais novos está o uso de Thera-Band®. Entretanto, ainda existem poucos estudos que abordem esta metodologia de trabalho. Objetivo: avaliar os efeitos do treinamento físico com Thera-Band® sobre variáveis físicas e antropométricas de bailarinas, como flexibilidade, resistência e potência muscular de membros superiores e inferiores, composição corporal e Índice de Massa Corporal. Método: participaram do estudo 9 bailarinas divididas em 2 grupos: Grupo Controle (GC n=4 e Grupo Experimental (GT n=5, o qual realizou o treinamento. Os procedimentos de coleta de dados incluíram avaliações das capacidades físicas e antropométricas estudadas (pré-teste, treinamento de 12 semanas e reavaliação destas mesmas capacidades (pós-testes. As capacidades físicas e antropométricas avaliadas foram escolhidas de forma a englobar aquelas mais trabalhadas em aulas de ballet. Resultados: o treinamento promoveu melhora da resistência de membros superiores (GC=12,25±3,86 repetições e GT=21,4±4,82 repetições e da flexibilidade (GC=35,85±3,39cm e GT=40,28±2,22cm. Não houve diferença intergrupo ou intragrupo nas demais variáveis. Considerações finais: o treinamento com Thera-Band® pode ser uma ferramenta importante no treinamento de bailarinas e eficiente para aumentar a flexibilidade corporal e a resistência dos membros superiores em bailarinas adultas. Vale destacar que um treinamento de maior tempo com a Thera-Band® talvez pudesse produzir resultados também nas variáveis da composição corporal.

  3. Efeitos agudos de diferentes métodos de treinamento com pesos sobre o gasto energético em homens treinados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo Ramalho Aniceto

    2013-06-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: O treinamento com pesos vem sendo amplamente utilizado como estratégia de controle e redução ponderal, assim o gasto energético (GE contribui de forma significativa para este processo. OBJETIVO: Comparar os efeitos agudos do método circuito (MC com o método tradicional (MT sobre o GE. MÉTODOS: Trata-se de uma pesquisa com delineamento crossover e aleatorizado, a amostra foi composta por 10 homens adultos treinados com idade entre 18 e 29 anos. Foram realizadas duas sessões experimentais com wash out de sete dias: no MC os exercícios foram realizados alternados por segmento em forma de estações, durante o MT os exercícios foram realizados em séries consecutivas. Ambos os métodos seguiram a mesma sequência de oito exercícios com o mesmo trabalho total: 60% de 1RM, 24 séries/estações e 10 repetições. O lactato sanguíneo foi coletado em repouso e a cada três séries/estações. O ar expirado foi coletado por 30 minutos antes e ~31 minutos durante todas as sessões de treinamento. O GE aeróbio de exercício (GEAE, kj e do intervalo de recuperação (GEAIR, kj foram estimados pela calorimetria indireta através da medida do consumo de oxigênio e o GE anaeróbio (GEA, kj pela concentração de lactato sanguíneo ([La]. O GE total (GET, kj foi registrado pelo somatório do GEA, GEAE e GEAIR. RESULTADOS: Os dados demonstraram que o GEA foi maior no MT do que o MC, no entanto, o GEAE, GEAIR e o GET não foram diferentes significativamente entre os métodos. O MT apresentou maior [La] do que o MC. CONCLUSÃO: Conclui-se que o MC e o MT produzem similar GET, contudo, percebe-se que o MT utiliza mais a via anaeróbia do que o MC.

  4. Efeitos de diferentes modalidades de treinamento físico e do hábito de caminhar sobre o equilíbrio funcional de idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carla Helrigle

    Full Text Available INTRODUÇÃO: As alterações do equilíbrio corporal estão entre as queixas mais comuns da população idosa e constituem um problema médico de grande relevância. OBJETIVO: Comparar a influência da prática de diferentes modalidades de treinamento físico e do hábito de caminhar sobre o equilíbrio funcional de idosos residentes em Jataí, Goiás. MATERIAIS E MÉTODOS: Fizeram parte desta pesquisa 135 idosos divididos em cinco grupos de acordo com o hábito de caminhar e com a modalidade de treinamento físico praticada: sedentários inativos (n = 39, sedentários ativos (n = 37, hidroginástica (n = 25, musculação (n = 10 e caminhada (n = 24. O equilíbrio funcional foi avaliado a partir do resultado atingido na Escala de Equilíbrio de Berg (EEB. Os dados foram expressos em valores de média e desvio do erro padrão e comparados entre si por meio da Análise de Variância One-Way seguida do teste post-hoc Tukey (p < 0,05, utilizando-se o software SPSS 12.0. RESULTADOS: Os idosos sedentários inativos e ativos atingiram valores de 48,89 ± 0,87 e 52,45 ± 0,47, respectivamente na EEB. Os idosos treinados praticantes de hidroginástica obtiveram escore de 54,04 ± 0,33, os praticantes de musculação 53 ± 0,52 e os praticantes de caminhada de 53,45 ± 0,51. A análise estatística mostrou que tanto os indivíduos sedentários ativos quanto os idosos treinados obtiveram maior valor atingido na EEB em comparação com os sedentários inativos (p < 0,05. Não foram observadas diferenças estatísticas entre os diferentes grupos de idosos treinados e nem destes com o grupo de idosos sedentários ativos. CONCLUSÃO: Tanto o hábito de caminhar quanto a prática regular da caminhada, da musculação e da hidroginástica por mais de seis meses, aumentam o equilíbrio funcional dos idosos.

  5. Efeito de diferentes intensidades do treinamento de força intradialítico sobre a massa muscular e capacidade funcional e qualidade de vida de pacientes em hemodiálise: ensaio clínico randomizado

    OpenAIRE

    Lopes, Lorena Cristina Curado

    2016-01-01

    Pacientes com doença renal crônica em tratamento de hemodiálise apresentam reduções importantes na massa muscular e na capacidade funcional, estas reduções são associadas a um maior risco de mortalidade. Contudo, o treinamento de força é uma possível estratégia de atenuação ou ate mesmo de redução da perda de massa muscular e força nestes pacientes. Objetivo: Avaliar o efeito de duas intensidades de treinamento de força progressivo intradialítico sobre a massa muscular e a capa...

  6. Aula mix e treinamento resistido: comparação da influência do treinamento sobre valências físicas - doi: 10.5102/ucs.v12i2.2983

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giuliano Roberto Silva

    2014-12-01

    Full Text Available O estudo objetivou comparar Aula Mix e Treinamento Resistido avaliando quais teriam maior influência no percentual de gordura, flexibilidade e força. Foram elencadas 20 universitárias entre 20 e 30 anos, em dois grupos, n1 = 10 praticantes de Aula Mix (jump, cycle indoor, step e ginástica localizada e n2 = 10 praticantes de Treinamento Resistido. Os treinos foram realizados durante 8 semanas em 3 sessões de 60 minutos, em dias alternados. Os métodos de avaliação foram: “Sargent Jump”, arremesso de Medicine Ball, teste no banco de Wells e mensuração das sete dobras cutâneas. A Aula Mix proporcionou melhor resultado no percentual de gordura e flexibilidade, e o Treinamento Resistido, apresentou melhor resultado no ganho de força de membro superior e inferior, considerando p ≤ 0,05. Porém, independente da modalidade escolhida, às variáveis estudadas apresentou mudanças positivas, logo a prática de exercícios físicos garante promoção de saúde e qualidade de vida.

  7. Efeitos do treinamento resistido sobre o perfil lipídico de indivíduos com síndrome metabólica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R.A. Albarello

    2017-09-01

    Conclusão: Maiores concentrações de lipoproteína de alta densidade, a diminuição da circunferência do abdômen e menores níveis de ureia, bem como provocados pelo treinamento resistido na população em questão são reflexão de menor risco cardiovascular, indicando que o treinamento resistido pode ser benéfico.

  8. Efeito de um programa de treinamento concorrente sobre variáveis de saúde de uma mulher com múltiplas hérnias de disco: caso clínico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    O. Sales‐Barros

    2016-06-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi verificar o efeito de um programa de treinamento concorrente sobre a saúde de uma mulher de 42 anos de idade, com múltiplas hérnias de disco lombares. O treinamento consistiu em exercícios funcionais, resistidos e flexibilidade, durante um período de 16 semanas. Foram analisadas a composição corporal, a força, a qualidade de vida, a flexibilidade e a percepção de dor. Houve melhorias no percentual de gordura, massa magra, massa gorda, flexibilidade e força nos membros inferiores. A percepção da dor na região cervical e no quadril direito foi anulada após a 9.a semana. O mesmo ocorre na região lombar, com exceção de que houve um ligeiro aumento na percepção da dor na penúltima semana, que se reduziu completamente no final do estudo. Houve melhora da saúde física e mental, e qualidade de vida em geral. Concluímos que o treinamento concorrente melhorou as variáveis de saúde no estudo de caso.

  9. Efeito do treinamento de força com resistência elástica sobre o desempenho da flexão de quadril em bailarinas clássicas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula ZUCCOLOTTO

    Full Text Available Resumo Para realização e manutenção de movimentos estéticos de grande amplitude articular, um bailarino necessita desenvolver além de flexibilidade, força muscular. Trabalhos científicos sobre o “ballet” apontam para uma lacuna com relação ao efeito de diferentes métodos de treinamento na produção de força muscular em grandes amplitudes de movimento. Assim, o objetivo deste estudo foi investigar os efeitos de um programa de treinamento de força com resistência elástica sobre o torque, a amplitude de movimento ativa e passiva, bem como o ângulo e o tempo de sustentação da flexão de quadril em bailarinas clássicas. Participaram deste estudo 15 bailarinas que foram divididas em dois grupos: grupo intervenção (n = 8 e grupo controle (n = 7. Durante o estudo, todas participantes mantiveram a rotina habitual de aulas de “ballet”, porém o grupo intervenção realizou um treinamento de força com resistência elástica para os flexores de quadril, o qual foi realizado duas vezes por semana, durante seis semanas. Antes e depois de seis semanas, todas participantes realizaram medidas de torque, das amplitudes ativas e passivas, bem como do ângulo e tempo de sustentação da flexão de quadril. ANOVA de um fator (grupo com medidas repetidas no tempo foi usada para identificar os efeitos da intervenção. O grupo intervenção apresentou incrementos de torque três vezes superiores ao grupo controle (grupo intervenção = 38,47% e grupo controle = 13,13%. Incrementos de 125,25% para o tempo de sustentação foram observadas somente para o grupo intervenção. Nenhum efeito foi identificado nas demais variáveis. Os achados mostram que o treinamento de força com resistência elástica gera aumentos no torque, bem como no tempo de sustentação de flexão de quadril em bailarinas clássicas.

  10. Effect of pelvic floor muscle training on labour and newborn outcomes: a randomized controlled trial Efeitos do treinamento da musculatura do assoalho pélvico sobre o parto e recém-nascido: estudo controlado randomizado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Letícia A. R. Dias

    2011-12-01

    Full Text Available BACKGROUND: The use of the pelvic floor muscle training for urinary incontinence treatment is well established but little is known about its effects in labor and newborn outcomes. OBJECTIVES: To evaluate the effects of antenatal pelvic floor muscle training and strength in labor and newborn outcomes in low-income pregnant women. METHODS: This is a randomized controlled trial that recruited forty-two nulliparous healthy pregnant women aged between 18-36 years old and able to contract the pelvic floor muscles. The participants were included in the study with 20 weeks of gestational age and had their pelvic floor muscles measured by vaginal squeeze pressure. They were randomly allocated into two groups: training group and a non-intervention control group. Then, all participants had their labor and newborn outcomes evaluated through consultation of medical records by a blinded researcher. RESULTS: There were no statistically significant differences between the groups regarding gestational age at birth, type of labor, duration of the second stage of labor, total time of labor, prevalence of laceration, weight and size of the baby, and Apgar score. No correlation was observed between pelvic floor muscle strength and the second stage or the total length of labor. CONCLUSIONS: This randomized controlled trial did not find any effect of pelvic floor muscle training or pelvic floor muscle strength on labor and newborn outcomes.CONTEXTUALIZAÇÃO: O treinamento da musculatura do assoalho pélvico para tratamento da incontinência urinária é bem estabelecida, mas pouco se sabe sobre seus efeitos sobre o parto e o recém-nascido. OBJETIVOS: Avaliar se os desfechos do parto e os resultados dos recém-nascidos são influenciados pelo treinamento e força da musculatura do assoalho pélvico realizados por gestantes de baixa renda. MÉTODOS: Trata-se de um ensaio clínico randomizado que incluiu 42 gestantes nulíparas de baixo risco, com idade entre 18 e 36

  11. Experiência de treinamento com Nintendo Wii sobre a funcionalidade, equilíbrio e qualidade de vida de idosas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Letícia Aparecida Calderão Sposito

    2013-06-01

    Full Text Available O objetivo desse relato de experiência foi analisar a funcionalidade, equilíbrio e qualidade de vida em duas idosas não institucionalizadas, após serem submetidas a um protocolo de treinamento em Realidade Virtual composto por nove sessões com duração de 50 minutos cada e frequência de três vezes por semana. Para tanto, utilizou-se os jogos do software Wii Fit, bem como o acessório Balance Board do console Nintendo Wii, a partir de um programa de treinamento elaborado fundamentado em diretrizes gerais de agência de saúde, tais como o Colégio Americano de Medicina do Esporte (ASCM. A avaliação da funcionalidade foi realizada com o uso dos Testes de Aptidão Física para Idosos (TAFI, o equilíbrio foi avaliado com a Escala de Berg e a qualidade de vida foi mensurada com o questionário SF-36. Os resultados apontaram melhora nos valores absolutos de todos os testes analisados, permitindo concluir acerca do potencial do programa de treinamento elaborado para a melhora da independência funcional de idosos. Esperamos que este estudo auxilie pesquisadores a dar continuidade à pesquisa e às ações envolvendo o uso do Nintendo Wii como ferramenta assistiva a idosos.

  12. Efeito da suplementação de creatina, associada ou não ao treinamento de força, sobre a peroxidação lipídica em mulheres idosas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Christiano Robles Rodrigues ALVES

    2014-03-01

    Full Text Available O objetivo desse trabalho foi avaliar o efeito da suplementação de creatina associada ou não ao treinamento de força sobre a peroxidação lipídica em mulheres idosas. Foi conduzido um estudo clínico, randomizado, duplo-cego e controlado por placebo, no qual mulheres idosas foram randomizadas para compor quatro grupos: 1 suplementação com placebo (PL; n = 10; 2 suplementação com creatina (CR; n = 10; 3 suplementação com placebo associado ao treinamento de força (PL+TR; n = 6; e 4 suplementação com creatina associado ao treinamento de força (CR+TR; n = 8. Antes (PRE e após 24 semanas (POS de intervenção, foram coletadas amostras de sangue para posterior análise das concentrações plasmáticas de hidroperóxidos lipídicos por espectrofotometria. Nenhuma diferença estatística foi observada na concentração de hidroperóxidos lipídicos entre os grupos (PL: PRE = 48,7 ± 36,9; POS = 29,3 ± 18,8; delta = -13,0 ± 26,8; CR: PRE = 51,0 ± 46,0; POS = 54,2 ± 51,6; delta = -8,6 ± 30,2; PL+TR: PRE = 33,0 ± 11,2; POS = 47,3 ± 31,6; Δ = 14,3 ± 39,2; CR+TR: PRE = 18,5 ± 10,1; POS = 28,1 ± 17,9; delta = 9,7 ± 16,4 pmol.mg-1 de proteína total; p = 0,17. A suplementação de creatina associada ou não ao treinamento de força não afetou a peroxidação lipídica, um importante marcador de estresse oxidativo no plasma, em mulheres idosas.

  13. Construção e validação de escala de crenças sobre o sistema treinamento Development and validation of a training system beliefs scale

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Isa Aparecida de Freitas

    2004-12-01

    Full Text Available Este artigo aborda a construção e validação da escala de crenças sobre o sistema de treinamento. Os itens foram formulados a partir do Modelo MAIS (Borges-Andrade, 1982 aplicado à avaliação de treinamento, das escalas de cinismo organizacional (Tesluk, Farr, Mathieu, & Vance, 1995 e das crenças que as pessoas possuem sobre treinamento descritas na revisão de Rousseau (1997. Crenças são vistas como os aspectos cognitivos relacionados a um objeto (Ajzen & Fishbein, 1980. Foram criados 35 itens, que passaram por processo de validação semântica e estatística no Banco do Brasil. Na validação estatística, realizada com 327 casos, utilizou-se análise de componentes principais e análise fatorial (PAF, rotação oblíqua. Os resultados dessas análises indicaram a existência de três fatores, com índices psicométricos adequados e conteúdos consistentes com o modelo teórico adotado, o que sugere a validade interna do instrumento. Possibilidades de intervenção nas organizações com o uso dessa escala também são discutidas.This paper focuses on the development and validation of a scale for measuring beliefs on the training system. The MAIS Model (Borges-Andrade, 1982 applied to training evaluation, the Organizational Cynicism Scales (Tesluk, Farr, Mathieu, & Vance, 1995 and the beliefs people hold on training, described in Rousseau's (1997 review, have been used as a basis for formulating the scale items. Beliefs are viewed as cognitive aspects related to an object (Ajzen & Fishbein, 1980. Thirty-five items have been formulated and semantically and statistically validated in Banco do Brasil. For statistical validation, 327 cases have been collected and principal components analysis and factor analysis (PAF, oblimin rotation have been used. The results have indicated the existence of three factors, with adequate psychometric indexes. Their content has been found to be consistent with the adopted theoretical model. These results

  14. Efeitos do treinamento resistido sobre a pressão arterial de idosos Efectos del entrenamiento de resistencia sobre la presión arterial de añosos Effects of resistance training on blood pressure in the elderly

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andréia Cristiane Carrenho Queiroz

    2010-07-01

    Full Text Available O processo de envelhecimento reduz drasticamente a massa, a força e a potência musculares, diminuindo a capacidade de execução das atividades da vida diária. A prática de exercícios resistidos pode reverter esse quadro, auxiliando na manutenção da massa muscular e melhorando sua força e resistência. No entanto, o envelhecimento ocasiona alterações cardiovasculares, que podem resultar em aumento nos níveis de pressão arterial de repouso, sendo importante analisar os efeitos do exercício resistido sobre a pressão arterial de indivíduos idosos. O objetivo deste estudo é avaliar o conhecimento científico existente sobre as respostas da pressão arterial aos exercícios resistidos e seus mecanismos em idosos. Para tanto, realizou-se uma revisão bibliográfica baseada nas literaturas portuguesa e inglesa relacionadas ao tema. Com base nos estudos encontrados, o corpus atual, embora escasso e controverso, sugere que, de forma crônica, os exercícios resistidos podem ter efeito hipotensor em indivíduos idosos. Entretanto, esse efeito ocorre, principalmente, em idosos normotensos e com o treinamento de baixa intensidade. Os mecanismos envolvidos nessa resposta hipotensora ainda precisam ser elucidados. Embora o treinamento resistido esteja sendo recomendado para idosos e haja alguns indicativos de que ele possa ter efeito hipotensor crônico, ainda há carência de dados científicos e muitas controvérsias sobre o assunto, o que evidencia que este ainda é um campo aberto à investigação.El proceso de envejecimiento reduce drásticamente la masa, la fuerza y la potencia muscular, disminuyendo la capacidad de ejecución de las actividades de la vida diaria. La práctica de ejercicios de resistencia puede revertir ese cuadro, auxiliando en la manutención de la masa muscular y mejorando su fuerza y resistencia. Mientras tanto, el envejecimiento ocasiona alteraciones cardiovasculares, que pueden resultar en aumento en los niveles

  15. Intensidades de treinamento resistido e pressão arterial de idosas hipertensas - um estudo piloto

    OpenAIRE

    Cunha,Eline Silva da; Miranda,Patrícia Angélica de; Nogueira,Silva; Costa,Eduardo Caldas; Silva,Eliane Pereira da; Ferreira,Gardênia Maria Holanda

    2012-01-01

    INTRODUÇÃO: Observa-se que a literatura apresenta uma lacuna acerca da intensidade ideal de treinamento resistido para idosos hipertensos, os poucos estudos existentes utilizam treinamentos com diferentes intensidades. OBJETIVO: Verificar o efeito de duas intensidades de treinamento resistido sobre a pressão arterial de idosas hipertensas controladas. Métodos: Dezesseis idosas hipertensas, controladas por medicação anti-hipertensiva, foram divididas em dois grupos através de sorteio. Nove pac...

  16. Influência da procainamida sobre o bloqueio neuromuscular produzido pelo rocurônio e investigação sobre o mecanismo de ação da procainamida na junção neuromuscular Influencia de la procainamida sobre el bloqueo neuromuscular producido por el rocuronio e investigación sobre el mecanismo de acción de la procainamida en la junción neuromuscular Influence of procainamide on the neuromuscular blockade caused by rocuronium and investigation on the mechanism of action of procainamide on the neuromuscular junction

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thalita Duque Martins

    2007-02-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A potencialização da procainamida sobre o bloqueio neuromuscular produzido pela d-tubocurarina já está comprovada, porém o mecanismo é controverso. O objetivo do estudo foi avaliar a influência da procainamida no bloqueio neuromuscular produzido pelo rocurônio e investigar os mecanismos desta interação. MÉTODO: Foram utilizados 15 ratos (250 a 300 g em preparação descrita por Bülbring. Formaram-se os seguintes grupos (n = 5 cada: procainamida - 20 µg.mL-1 (Grupo I; rocurônio - 4 µg.mL-1 (Grupo II e rocurônio - 4 µg.mL-1 e procainamida - 20 µg.mL-1 (Grupo III. Avaliaram-se: 1 a amplitude das contrações musculares sob estimulação indireta em cada grupo, antes e após a adição dos fármacos; 2 os potenciais de placa terminal em miniatura (PPTM; 3 a eficácia da 4-aminopiridina na reversão do bloqueio neuromuscular. O mecanismo da interação foi estudado em Biventer cervicis (n = 5 e diafragma de rato desnervado (n = 5, observando-se a influência da procainamida na resposta à acetilcolina antes e após a adição da procainamida. RESULTADOS: A procainamida isoladamente não alterou as respostas neuromusculares. O bloqueio produzido com o Grupo III foi de 68,6% ± 7,1%, com diferença significativa (p = 0,0067 em relação ao Grupo II (10,4% ± 4,5%, revertido pela 4-aminopiridina. A procainamida ocasionou aumento na freqüência dos PPTM, seguido de bloqueio revertido pela 4-aminopiridina. Em Biventer cervicis a procainamida aumentou a resposta à ação de contração da acetilcolina, resultado não observado com o diafragma desnervado. CONCLUSÕES: A procainamida potencializou o bloqueio produzido pelo rocurônio. As alterações observadas com PPTM e Biventer cervicis identificaram ação pré-sináptica. O antagonismo da 4-aminopiridina sobre o bloqueio dos PPTM sugeriu dessensibilização dos receptores pela procainamida.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La potenciación de la procainamida sobre

  17. Efectos del entrenamiento con vibraciones mecánicas sobre la ‘performance’ neuromuscular

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marzo Edir Da Silva

    2006-03-01

    Full Text Available Hace ya varias décadas que se estudian los efectos de las vibraciones sobre el organismo humano. En un principio se evaluaban estos efectos con respecto a patologías producidas por la exposición prolongada de tipo ocupacional. Sin embargo, se empezaron a hacer estudios sobre el posible beneficio de la aplicación de la vibración en deportistas y a la luz de los primeros hallazgos se concluyó que se producía una mejora en la flexibilidad. Fue el ruso Nazarov quien realizó esos primeros estudios con atletas, aplicando una vibración local. Poco a poco fueron surgiendo diversos estudios sobre la vibración local o aplicada a todo el cuerpo (WBV pero en otras variables como son la fuerza, la potencia y la capacidad de salto. A pesar de que no hay un consenso en la aplicación de protocolos de entrenamiento y los resultados que se obtienen, el entrenamiento con WBV está en auge porque parece ofrecer unos resultados benéficos de manera más rápida que el entrenamiento convencional. El propósito del presente artículo es realizar una revisión bibliográfica sobre la evolución del entrenamiento de WBV con sus aplicaciones y efectos sobre la performance muscular.

  18. Efeitos de 24 semanas de treinamento resistido sobre índices da aptidão aeróbia de mulheres idosas Effects of 24 weeks of resistance training on aerobic fitness indexes of older women

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Guido

    2010-08-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO E OBJETIVO: O consumo de oxigênio pico (VO2pico e o limiar anaeróbio (LA são amplamente aceitos como importantes medidas da aptidão aeróbia. Tradicionalmente, o treinamento aeróbio é visto como o principal meio de se aumentar esses índices. Em contrapartida, o treinamento resistido (TR não é tipicamente prescrito para este fim. Em indivíduos idosos, tem sido sugerido que o TR é capaz de aprimorar a capacidade aeróbia; entretanto, a temática é controversa. O objetivo do presente estudo foi verificar os efeitos do treinamento resistido sobre índices da capacidade aeróbia de mulheres idosas. METODOLOGIA: Participaram voluntariamente 50 idosas, as quais foram distribuídas em dois possíveis grupos: grupo controle (GC - n = 25; idade média 68,00 ± 6,38 e grupo treinamento (GT - n = 25; idade média 68,04 ± 6,78 anos. Todas as participantes realizaram teste ergoespirométrico em esteira conduzido até a exaustão voluntária antes e após a intervenção. O GT foi submetido a um programa de TR para os principais grupos musculares três vezes por semana durante um período de 24 semanas. Ao GC foi solicitado que mantivessem suas rotinas habituais. Split plot Anova foi utilizada para verificar possíveis diferenças intra e intergrupos. RESULTADOS: Foi observado que o GT apresentou aumento significativo nas variáveis tempo de teste e VO2, tanto no momento do LA como no momento da exaustão. No GC nenhuma das variáveis dependentes sofreu alteração significativa. CONCLUSÃO: Conclui-se que 24 semanas de TR é capaz de promover melhora no desempenho durante teste de esforço cardiopulmonar em uma amostra de mulheres idosas. Futuros estudos serão importantes para elucidar os mecanismos responsáveis por tais adaptações.INTRODUCTION AND OBJECTIVES: Peak oxygen uptake (VO2 peak and anaerobic threshold (AT have been widely accepted as important predictors of aerobic fitness. Traditionally, aerobic training is viewed as

  19. Efeitos do treinamento resistido sobre a força muscular de idosas: uma comparação entre métodos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Moreno Lima

    2012-06-01

    Full Text Available DOI: http://dx.doi.org/10.5007/1980-0037.2012v14n4p409 O treinamento de força (TF proporciona ganhos de força muscular (FM em idosos. Entretanto, a magnitude pode variar consideravelmente conforme o método de avaliação utilizado. O estudo teve como objetivo comparar dois métodos de avaliação de força muscular após programa de TF em idosas. Participaram 61 idosas (idade média de 66,8 ± 5,8 anos, submetidas a um programa com duração de 24 semanas. Os exercí­cios contemplaram os principais grupos musculares. A FM dos extensores do joelho foi avaliada pelo teste da repetição máxima (1RM e pelo dinamômetro isocinético (60º.s-1 antes e após o TF. Aplicou-se uma ANOVA 2X2 para comparar os métodos e a FM após o programa de TF. Observou-se que a FM aumentou significativamente após a intervenção, em ambos os métodos. Os incrementos na FM foram de 16,7% e 54,7% para o isocinético e 1RM respectivamente. Os incrementos avaliados pela 1RM foram significativamente (P<0,001 superiores aos mensurados pelo isocinético. Apesar dos valores estarem dentro dos limites de concordância, a diferença entre 1RM e Isocinético diminuiu conforme o aumento da FM pós-treinamento. Concluiu-se que, embora o TF promova aumento da FM em idosas, a magnitude desse ganho varia substancialmente em função do método utilizado. Ao que parece, o uso da 1RM pode superestimar os ganhos de FM e influenciar a interpretação funcional dos efeitos proporcionados pelo TF.

  20. A influência do controle subjetivo de intensidade sobre fadiga percebida e lactato capilar em duas formas de treinamento resistido

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cauê Vazquez La Scala Teixeira

    2015-05-01

    Full Text Available DOI: http://dx.doi.org/10.5007/1980-0037.2015v17n3p309   A percepção subjetiva de esforço (PSE é um método utilizado para controlar a intensidade no treinamento resistido (TR. Porém há escassez de estudos que comparam respostas fisiológicas e perceptivas agudas entre formas distintas de TR. O estudo teve como objetivo comparar as respostas agudas de lactato (LAC e fadiga percebida (FAD entre treinamento resistido manual (TRM e TR com pesos livres (TRPL com intensidades controladas por PSE, bem como observar a correlação entre LAC e FAD nas duas intervenções. Participaram 14 homens (40,29+8,63 anos, IMC = 26,53+5,24 Kg/m² previamente não treinados que foram submetidos a sessões únicas de TRM e TRPL, com intensidade controlada por PSE (entre 5 e 7. LAC e FAD foram analisados nos momentos pré-teste e pós-teste. Para análise dos dados, utilizou-se análise de variância com medidas repetidas e post-hoc de Bonferroni. Adotou-se nível de significância de 5% (P ≤ 0,05. O tamanho do efeito (ES foi calculado para analisar a magnitude das respostas e o coeficiente de correlação linear de Pearson para verificar associação entre LAC e FAD. Ambas as intervenções aumentaram LAC no período pós-teste em relação ao pré-teste, porém o aumento foi maior no TRM. A FAD aumentou no período pós-teste em relação ao pré-teste, em ambos os protocolos, sem diferença entre eles. No entanto, o ES foi maior para o TRM. A correlação entre FAD e LAC foi moderada em três das quatro avaliações. Foi possível concluir que na mesma zona de intensidade na PSE pode representar respostas fisiológicas diferentes entre duas formas distintas de TR, portanto, a utilização da PSE para controle de intensidade, nessas condições, deve ser vista com cautela.

  1. Efeitos da suplementação carboidratada e de diferentes tipos de treinamento físico sobre as concentrações de células sanguíneas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Airton José Rombaldi

    2013-06-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A participação dos atletas em sessões de exercício intenso e prolongado pode fazer declinar o número circulante e a capacidade funcional dos leucócitos. Por outro lado, o consumo de uma solução carboidratada pode atenuar os efeitos imunossupressivos do exercício. OBJETIVO: Verificar os efeitos do exercício aeróbio e anaeróbio, além da suplementação carboidratada sobre as concentrações sanguíneas da contagem total e diferencial de leucócitos, hemoglobina e glicose sérica de ratos Wistar. MÉTODOS: Sessenta e nove Ratos machos Wistar (60 dias foram divididos em seis grupos: sedentários não suplementados (n = 12 e suplementados (n = 12; treinados em estado estável máximo de lactato (EEML não suplementados (n = 11 e suplementados (n = 11; treinados em alta intensidade não suplementados (n = 12 e suplementados (n = 11. O protocolo de treinamento consistiu de oito semanas de natação em padrão contínuo em EEML (60 min.dia-1 ou intermitente (dois períodos de 30 minutos, com intervalo de 10 minutos, com sobrecargas correspondentes a 5% e 10% do peso corporal, respectivamente. Durante 37 dias os animais foram suplementados com uma dose diária de 0,48 g.kg-1 de maltodextrina dissolvida em água ou receberam água pura. RESULTADOS: Não houve efeito da suplementação carboidratada e dos dois tipos de treinamento nas concentrações de leucócitos sanguíneos. O exercício anaeróbio (p = 0,04 e o uso da maltodextrina (p = 0,003 proporcionaram elevações nas concentrações de hemoglobinas sanguíneas, enquanto o exercício aeróbio ocasionou aumento na concentração da glicose sérica (p < 0,02. CONCLUSÃO: Os diferentes tipos de exercícios não estiveram envolvidos com leucopenia, hipoglicemia ou anemia que poderiam levar a fadiga muscular precoce e queda do desempenho.

  2. Efeito de 16 semanas de treinamento com pesos sobre a pressão arterial em mulheres normotensas e não-treinadas Effect of 16-week weight training over blood pressure in normotensive and non-trained women

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Mendes Gerage

    2007-12-01

    Full Text Available O propósito deste estudo foi analisar o impacto de 16 semanas de treinamento com pesos (TP sobre a pressão arterial (PA em mulheres normotensas. Para tanto, participaram do estudo 21 mulheres jovens (20,5 ± 2,1 anos, não-treinadas, que foram separadas, aleatoriamente, em grupo treinamento (GT = 13 e grupo controle (GC = 8. O protocolo de TP foi estruturado de forma progressiva, em duas etapas, com duração de oito semanas cada, sendo executado com freqüência semanal de três sessões. Medidas de PA foram realizadas em repouso por meio do método auscultatório nos diferentes momentos do estudo (linha de base, após oito e 16 semanas. O teste de Shapiro-Wilk foi utilizado para análise da normalidade dos dados. ANOVA two-way para medidas repetidas foi utilizada para as comparações entre os grupos ao longo do tempo, seguida pelo teste post-hoc de Scheffé quando P The aim of this study was to analyze the impact of a 16-week weight training (WT over blood pressure (BP in normotensive women. The sample consisted of 21 young women (20.5 ± 2.1 years, non-trained, who were randomly grouped in training group (TG = 13 and control group (CG = 8. The WT protocol was progressively structured, in two phases, with duration of eight weeks each, being performed with weekly frequency of three sessions. BP measurements were conducted at rest through the auscultatory method, in the different moments of the study (baseline, after eight and 16 weeks. The Shapiro-Wilk test was used for analysis of the data normality. Two-way ANOVA for repeated measurements was used for the comparisons between groups during the time, followed by the Scheffé post-hoc test when P < 0.05. A group v. moment interaction was found in the systolic, diastolic and mean BP values, with significant decreases, during the 16 weeks of follow-up, in the order of 5, 8 and 6 mmHg, respectively, in the TG. The outcomes suggest that the 16 week-WT program may cause important reductions in BP

  3. Efeitos do treinamento físico de alta intensidade sobre os leucócitos de ratos diabéticos Effects of high intensity physical training on the leukocytes of diabetic rats

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camila Aparecida Machado de Oliveira

    2002-12-01

    Full Text Available Estudos têm demonstrado que o exercício físico regular melhora as condições do diabetes, facilitando a captação periférica da glicose e o metabolismo de glicogênio, proteínas, etc. Por outro lado, pouco se conhece sobre os efeitos do exercício intenso em diabéticos, principalmente com relação ao sistema imune desses organismos. O presente estudo teve como objetivo verificar os efeitos de um treinamento físico de alta intensidade sobre a contagem total e diferencial de leucócitos em ratos diabéticos. Ratos machos jovens Wistar foram distribuídos em quatro grupos: controle sedentário (CS, controle treinado (CT, diabético sedentário (DS e diabético treinado (DT. O diabetes foi induzido por aloxana (35mg/kg de peso corporal. Durante seis semanas os animais dos grupos CT e DT realizaram um protocolo de treinamento físico, que consistiu na realização de quatro séries de 10 saltos (intercaladas por um minuto de intervalo em piscina, com o nível da água correspondendo a 150% do comprimento corporal e sobrecarga equivalente a 50% da massa corporal dos animais. Ao final do período experimental, amostras de sangue foram coletadas para a contagem total e diferencial dos leucócitos. Os resultados foram avaliados estatisticamente por ANOVA com um nível de significância de 5%. A glicemia foi aumentada entre os diabéticos e a insulinemia diminuída. Não foram observadas diferenças significativas na contagem diferencial dos linfócitos, neutrófilos, eosinófilos e contagem total de leucócitos entre os grupos estudados. Houve aumento dos monócitos entre os treinados (CS = 10,0 ± 4,5, CT* = 25,4 ± 7,9, DS = 19,75 ± 7,4, DT* = 25,8 ± 4,4%. O peso relativo do timo foi reduzido pelo treinamento e pelo diabetes (CS = 125,0 ± 37,7, CT* = 74,6 ± 8,2, DS* = 47,5 ± 12,2, DT* = 40,1 ± 16,9mg/100g. Esses resultados permitem concluir que o treinamento físico de alta intensidade não alterou o estado geral do diabetes, mas

  4. Efeito do treinamento contra-resistência isotônico com duas velocidades de movimento sobre os ganhos de força Effects of isotonic resistance training at two movement velocities on strength gains

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marta Inez Rodrigues Pereira

    2007-04-01

    Full Text Available Considerando a necessidade de prescrever o treinamento adequadamente, o objetivo deste estudo foi comparar o efeito do treinamento contra-resistência, isotônico, a 0,44 e 1,75 rad·s¹ sobre os ganhos de força muscular. Quatorze voluntários saudáveis foram estratificados em grupos lento (GL: 0,44 rad·s¹; n = 8; 26 ± 7 anos; 66 ± 12 kg e rápido (GR: 1,75 rad·s¹; n = 6; 28 ± 7 anos; 55 ± 9 kg exercitando agachamento e supino reto (1 série, 8-10 RM, 3 x/semana, 12 semanas. Seis desses sujeitos fizeram parte de um grupo de comparação (GC: 25 ± 6 anos; 59 ± 13 kg e não treinaram durante um período de controle de 12 semanas antecedendo o treinamento. O teste t dependente não mostrou diferenças nas variáveis medidas para GC. A ANOVA 2 x 2 com medidas repetidas mostrou ganhos significativos (P Considering the need to adequately prescribe training, the aim of this study was to compare the effect of isotonic resistance training at 0.44 and 1.75 rad·s-1 on gains in muscular strength. Fourteen healthy volunteers were stratified into slow (SG: 0.44 rad·s-1; n = 8; 26 ± 7 yr; 66 ± 12 kg and fast (FG: 1.75 rad·s-1; n = 6; 28 ± 7 yr; 55 ± 9 kg groups exercising squat and bench press (1 set, 8-10 RM, 3 x/wk, 12 weeks. Six of these subjects took part in a comparison group (CG: 25 ± 6 yr; 59 ± 13 kg, and did not train during a control period of 12 weeks preceding training. Paired t-test showed no differences in the measured variables for CG. Repeated measures 2 x 2 ANOVA showed significant (P < .05 gains for both training groups and exercises in 1 RM (SG: 27.6 ± 16.8% and 16.8 ± 11.8%; FG: 21.4 ± 12.6% and 16.2 ± 14.1%, squat and bench press, respectively and 8-10 RM tested at 0.44 rad·s-1 (SG: 36.0 ± 22.4% and 14.7 ± 9.2%; FG: 31.1 ± 19.2% and 18.8 ± 8.7% and 1.75 rad·s-1 (SG: 27.2 ± 11.1% and 15.2 ± 11.4%; FG: 23.6 ± 19.2% and 20.9 ± 9.8%, with no significant differences between groups. Results of this study did not

  5. Treinamento resistido para idosos: revisão de literatura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Socorro Fernanda Coutinho dos Santos

    2017-04-01

    Full Text Available No Brasil, o ritmo de crescimento da população idosa tem sido sistemático e constante e com isso, acredita-se que em 2025, o Brasil será a sexta maior população de idosos no mundo. Visto isso, os rofissionais da área de saúde mostram o quanto à atividade física se apresenta como fator determinante para o bom processo de envelhecimento. Objetivo: realizar uma avaliação da literatura vigente sobre os efeitos do treinamento resistido em pessoas idosas. Método: para produção da compilação deste estado da arte foram realizadas buscas em bibliotecas da área de ciências biológicas, revistas eletrônicas e bases de dados virtuais. Foram encontrados 31 artigos, após analise dos títulos e resumos, 19 artigos foram excluídos. Foram selecionados 12 artigos para serem analisados para confecção do presente trabalho. Resultados: dos artigos encontrados dois (16,67% investigaram os efeitos do treinamento resistido sobre a mobilidade e aptidão física, três (25% buscaram entender o efeito do treinamento resistido de 12 semanas, três (25% analisaram os efeitos do treinamento resistido sobre a mobilidade, equilíbrio e outras aptidões, três artigos (25% investigaram o efeito do treinamento resistido com diferentes intensidades, ordem de exercícios e intervalos e somente um artigo (8,33% investigou sobre o funcionamento do treinamento resistido. Considerações finais: são poucos os estudos que investigam a relação treinamento resistido com patologias decorrentes desse processo. Apesar disso, os resultados encontrados são significativos e constituem um referencial para estudos posteriores desta natureza sobre a população idosa.

  6. Análise da suplementação de carboidratos e solução isotônica sobre parâmetros hematológicos e bioquímicos de jogadores profissionais de futebol em condições reais de treinamento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciano de Oliveira Siqueira

    2012-12-01

    Full Text Available Avaliou-se o efeito de uma suplementação com carboidratos e bebidas esportivas sobre parâmetros laboratoriais em atletas de futebol de campo, em uma situação real de treinamento. Foram coletados 10 ml de sangue venoso e 50 ml de urina em repouso e 15 minutos após treinamento. Os resultados mostram que o exercício intenso causou um variável grau de estase urinária, bem como provocou alterações hidroeletrolíticas caracterizadas por uma diminuição na concentração sérica de sódio, potássio, magnésio, fósforo e glicose (p<0,05, que não foi modificada por nenhum tipo de protocolo de suplementação nas condições propostas no presente estudo. A suplementação eletrolítica proposta mostrou-se limitada para evitar variações eletrolíticas e que a reposição deve ser avaliada à luz de um contexto ambiental e de treinamento.

  7. Efeito da suplementação oral com ácido linoleico conjugado associado ao treinamento físico sobre a gordura corporal de ratos

    OpenAIRE

    Sasaki, Carolina Amâncio Louly; Santos, Jônatas de Oliveira; Nogueira, Júlia Aparecida Devidé; Fontana, Keila Elizabeth; Oliveira, Ricardo Jacó

    2013-01-01

    Este estudo analisou o efeito da suplementação com ácido linoleico conjugado (CLA) associado ao exercício na redução da gordura corporal. Foram monitorados 24 ratos Wistar suplementados por 62 dias. Os grupos CLA (utilizou ácido linoleico conjugado) e CLAEX (utilizou-se ácido linoleico conjugado e exercício); o grupo controle (PLA) recebeu óleo de milho nas concentrações de 1% sobre o consumo diário de dieta. Alimentação e água foram fornecidas ad libitum e as sobras foram pesadas para a quan...

  8. Efeitos do treinamento resistido sobre variáveis relacionadas com a baixa densidade óssea de mulheres menopausadas tratadas com alendronato Effects of resistance training on low bone density-related variables in menopausal women taking alendronate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudio Joaquim Borba-Pinheiro

    2010-04-01

    Full Text Available A osteoporose é uma doença crônica que atinge o esqueleto humano. OBJETIVO: Verificar os efeitos do treinamento resistido sobre a densidade mineral óssea (DMO, força muscular, equilíbrio e qualidade de vida em mulheres menopausadas em tratamento com alendronato. MÉTODOS: Participaram do estudo 16 voluntárias. Elas foram separadas em dois grupos: que praticaram o treino resistido (n = 9, 49,7 ± 4,2 idade e que constituíram o grupo controle (n = 7, 53,8 ± 4,4 idade. Os instrumentos de avaliação seguintes foram usados: a absorciometria de dupla energia por raios X -DXA (que mediu a coluna lombar L2-L4, colo do fêmur, triângulo de Wards e trocanter maior, o Osteoporosis Assessment Questionnaire (OPAQ e um teste de equilíbrio. O treinamento foi periodizado em 12 meses, divididos em seis ciclos com intensidade de 70-90% da carga máxima (10RM. Testes paramétricos (t ou Wilcoxon, para análise intragrupo e (Anova para intergrupos, foram usados. RESULTADOS: Foram encontradas diferenças significativas favoráveis ao grupo que treinou nos sítios da lombar L2-L4 (6,8%, p = 0,001, colo do fêmur (4,8%, p = 0,005 e trocanter (0,76%, p = 0,005. Além de diferenças significativas também para o equilíbrio corporal (21,4%, p = 0,001, qualidade de vida (9,1%, p = 0,001 e todas as medidas de força como na pressão de pernas 45° (49,3%, p Osteoporosis is a chronic disease of the human skeleton. OBJECTIVE: To verify the effects of resistance training on bone mineral density (BMD, muscular strength, balance and quality of life in menopausal women taking Alendronate. MATERIALS AND METHODS: Sixteen female volunteers participated in the study. The volunteers were separated into two groups: resistance training participants (n=9; 49.7±4.2 years and control group (n=7; 53.8±4.4 years. The following evaluation instruments were used: absorptiometry-DXA (which measured the lumbar spine L2-L4, neck femur, Wards triangle and major trochanter, the

  9. Efeitos do treinamento físico sobre a resistência mecânica do terço proximal do fêmur de ratos Effects of physical training on the mechanical resistance of rat femur proximal thirds

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andreo Fernando Aguiar

    2010-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar o comportamento mecânico do terço proximal do fêmur de ratos submetidos ao treinamento aeróbio e resistido crônicos. MÉTODOS: Ratos Wistar machos (80 dias, 300 a 350 g foram divididos em 3 grupos (n=8 por grupo: Treinamento aeróbio/8 semanas (TA, Treinamento resistido/8 semanas (TR e controle/8 semanas (CO. Ao término do período de treinamento os animais foram sacrificados e o fêmur direito coletado. Para análise do comportamento mecânico do fêmur foram realizados ensaios de flexo-compressão. RESULTADOS: O treinamento resistido ocasionou redução significante da força máxima (Fmáx do fêmur. Por outro lado, promoveu um aumento (23,7% relevante, porém não significante, da deformação da força máxima (DFmáx. O treinamento aeróbio não afetou a Fmáx, porém promoveu uma redução (26,6% considerável, também não significante, da DFmáx. CONCLUSÕES: Os resultados demonstram que o treinamento resistido e aeróbio, promoveram redução da Fmáx e da DFmáx óssea, respectivamente. Os dados evidenciam uma ação diferencial de ambos os modelos de treinamento físico sobre as propriedades mecânicas do fêmur de ratos.OBJECTIVE: To analyze the mechanical behavior of rat femur proximal thirds submitted to chronic aerobic and resistance training. METHODS: Male Wistar rats (80 days of age, weighing 300 to 350 g were divided into 3 groups (n=8 per group: control (CO, aerobic training (TA and resistance training (TR. At the end of the training, the animals were euthanized and the right femur was collected. Flexion-compression tests were carried out to analyze the mechanical behavior of the femurs. RESULTS: The resistance training promoted a significant reduction in maximum force (Fmáx of the femur. However, it also promoted a relevant increase (23.7%, though without statistical significance, in maximum force deformation (DFmáx. The aerobic training did not affect maximum force, however, it caused a

  10. Treinamento físico para indivíduos HIV positivo submetidos à HAART: efeitos sobre parâmetros antropométricos e funcionais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edmar Lacerda Mendes

    2013-02-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A terapia antirretroviral fortemente ativa (HAART tem melhorado a prognose em indivíduos infectados pelo HIV. No entanto, a HAART tem sido associada ao desenvolvimento de anormalidades metabólicas e na distribuição de gordura corporal conhecida como síndrome lipodistrófica associada ao HIV (SLHIV. OBJETIVO: Este estudo investigou o impacto de 24 semanas de exercício resistido com componente aeróbico (ERCA sobre parâmetros antropométricos e funcionais de portadores de HIV submetidos à HAART. MÉTODOS: Noventa e nove indivíduos infectados pelo HIV foram randomicamente alocados em quatro grupos: exercício e lipodistrofia (n = 24; EX+LIP; exercício sem lipodistrofia (n = 21; EX+NoLIP; controle e lipodistrofia (n = 27; NoEX+LIP; controle sem lipodistrofia (n = 27; NoEX+NoLIP. Os indivíduos dos grupos exercitados (EX+LIP e EX+NoLIP participaram de 24 semanas de ERCA. Nos momentos pré e pós 24 semanas de intervenção foram realizadas medidas antropométricas, testes de força e aptidão cardiorrespiratória. RESULTADOS: Vinte e quatro semanas de ERCA alteraram os perímetros corporais avaliados (P < 0,0001 e a relação cintura/quadril (P = 0,017 nos dois grupos exercitados. Reduções foram observadas (P < 0,0001 para o somatório das sete dobras cutâneas avaliadas, percentual de gordura corporal, massa corporal gorda, gordura subcutânea total, central e periférica em resposta ao ERCA. A massa corporal magra aumentou (P < 0,0001 nos grupos exercitados, independente do desfecho (LIP ou NoLIP. A força muscular e a aptidão cardiorrespiratória aumentaram (P < 0,0001, para os dois grupos exercitados em resposta ao ERCA. CONCLUSÃO: Vinte e quatro semanas de ERCA impediram a manifestação das alterações decorrentes da SLHIV e contribuíram para a redução destas.

  11. HIV/AIDS e Treinamento Concorrente: a Revisão Sistemática HIV/Aids and Concurrent Training: Systematic Review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre Ramos Lazzarotto

    2010-04-01

    Full Text Available O uso da terapia anti-retroviral combinada (TARV aumentou a expectativa de vida dos portadores do vírus da imunodeficiência humana (HIV e, como conseqüência, torna-se constante o estudo do processo fisiopatológico da infecção e das estratégias de intervenção que possam melhorar a qualidade de vida destes indivíduos. O treinamento concorrente, definido como a associação dos componentes aeróbios e força na mesma sessão de exercícios pode ser inserido neste contexto. O objetivo deste artigo é revisar os aspectos centrais da infecção pelo HIV e as evidências existentes sobre o treinamento concorrente com séries múltiplas e simples nos parâmetros imunológico, virológico, cardiorrespiratório e neuromuscular de pessoas infectadas pelo HIV. O método utilizado foi uma revisão sistemática, com artigos publicados entre 2000-2007, nas bases de dados scielo e pubmed e também em dissertações e teses da biblioteca digital da educação física, esporte e saúde. As evidências científicas encontradas nos 8 estudos analisados indicam que o treinamento concorrente, tanto com séries múltiplas quanto séries simples, melhora os parâmetros cardiorrespiratório e neuromuscular; no entanto, os resultados dos parâmetros imunológico e virológico ainda não estão completamente esclarecidos, principalmente sobre os protocolos com séries simples. Considerando o número restrito de trabalhos apresentados, sugere-se o desenvolvimento de estudos com treinamento concorrente em vários desfechos clínicos para pessoas infectadas pelo HIV.The highly active antiretroviral therapy (HAART increased life expectancy in individuals infected with the human immunodeficiency virus (HIV. Alternative strategies have been used in order to improve their quality of life and minimize the HAART effect; among these we can name physical exercise. Concurrent training, the combination of aerobic and strength training in the same exercise session, is used

  12. Treinamento aerobio e resistido, qualidade de vida e capacidade funcional de hipertensas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thais Inacio Rolim Povoa

    2014-01-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Pacientes hipertensos podem apresentar comprometimento da qualidade de vida (QV e da qualidade de vida relacionada à saúde (QVRS, tanto pela hipertensão arterial (HA, quanto pelos eventuais efeitos adversos do tratamento. Exercícios físicos, aeróbios e resistidos, melhoram a performance cardiorrespiratória e neuromuscular, mas há poucas evidências sobre seus efeitos na QV, QVRS e capacidade funcional (CF em mulheres hipertensas. OBJETIVO: Avaliar e comparar os efeitos dos treinamentos aeróbio e resistido sobre a QV, QVRS e a capacidade funcional em hipertensas. MÉTODOS: Ensaio clínico randomizado, cego, com total de 18 sessões de exercícios. Foram incluídas mulheres hipertensas sob tratamento medicamentoso, não participantes de programas de exercícios, com 50 anos de idade ou mais, que não apresentaram arritmias e/ou alterações isquêmicas em teste ergométrico (protocolo de Bruce. A amostra foi randomizada como segue: grupo aeróbio (GA (n = 21 e grupo resistido (GR (n = 20. Intensidade GA: leve a moderada (Escala de Borg adaptada; GR: até 50-65% de 1 RM. Duas séries com 12 a 15 repetições. Antes e após a intervenção foram aplicados os questionários WHOQOL-bref (QV e SF-36 (QVRS e realizado o teste de caminhada de 6 minutos (TC6` para avaliar a CF. Estatística: testes Shapiro-Wilk, t de Student, Fisher, U de Mann-Whitney e Wilcoxon. Nível de significância: p 0,05. Após a intervenção houve melhora significativa em todos os domínios do WHOQOL-bref no GA e no GR houve melhora no domínio aspectos físicos. No SF-36, constatou-se melhora significativa em sete de oito domínios tanto no GA quanto no GR. Capacidade funcional: verificou-se melhora nos dois grupos (p < 0,001. CONCLUSÃO: Os dois tipos de treinamento melhoraram a QV e a CF e, dependendo dos objetivos estabelecidos, ambos podem ser eficazes.

  13. Efeito da suplementação com L-alanil-L-glutamina sobre a resposta de hipersensibilidade do tipo tardio em ratos submetidos ao treinamento intenso Effect of L-glutamine and L-alanyl-L-glutamine supplementation on the response to delayed-type hypersensitivity test (DTH in rats submitted to intense training

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Macedo Rogero

    2002-12-01

    Full Text Available O treinamento intenso e o exercício exaustivo podem ocasionar imunossupressão em atletas por meio da diminuição da concentração plasmática de glutamina. O presente estudo verificou inicialmente o efeito da suplementação com L-glutamina e L-alanilL-glutamina sobre a resposta ao teste de hipersensibilidade do tipo tardio (HTT em ratos submetidos ao treinamento intenso em natação durante seis semanas. Posteriormente, foi avaliado o efeito dessas intervenções nutricionais sobre a contagem total e porcentual de leucócitos e concentração sérica de anticorpos IgG anti-albumina de soro bovino, em animais submetidos ao teste de exaustão e recuperados durante o período de 3 horas. Não houve efeito do treinamento e da suplementação sobre a resposta ao teste de HTT. Animais suplementados apresentaram maior concentração de glutamina no plasma (PIntense training and exhaustive exercise may cause immunesupression in athletes by reducing plasma glutamine concentration. Initially, this study verified the effect of L-glutamine and L-alanyl-L-glutamine supplementation on the response to delayed-type hypersensitivity test (DTH in rats submitted to intense swimming training for six weeks. Later on, we assessed the effect of these nutritional interventions on total and differential white blood cell counts and on concentration of anti-bovine serum albumin IgG antibodies, in animals submitted to exhaustion test and a three-hour recovery period. There was no effect of training and supplementation on the response to DTH. Supplemented animals presented greatest plasma glutamine concentration (p<0.05, though this increase in glutaminemia did not interfere on the serum IgG antibody concentration. The recovery period after intense exercise resulted in decreased glutaminemia as compared with the values obtained immediately after exhaustion test (p<0.05. Increase in corticosterone levels induced by strenuous exercises led to leukocytosis, neutrophilia

  14. O efeito do treinamento combinado sobre a percepção subjetiva do esforço e sensação de prazer/desprazer em mulheres obesas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ragami Chaves Alves

    2017-12-01

    Full Text Available As intensidades autosselecionadas observadas tanto na caminhada como no treinamento resistido em obesos são inferiores as recomendações do ACSM, (2011 as quais, promovem melhora na aptidão cardiorrespiratória e força muscular. A partir disso, surge a hipótese de combinar os exercícios, aeróbio e resistido em uma única sessão com o intuito de aumentar o volume de treinamento otimizando os ajustes fisiológicos tentando preservar baixos níveis de percepção subjetiva do esforço (PSE e sensações prazerosas (SPD observadas nessa intensidade. Desta maneira, o presente estudo teve três objetivos: 1 verificar ao longo de uma sessão de treinamento combinado a PSE e a SPD em mulheres obesas; 2 analisar se ocorrerá alteração na PSE e SPD entre os diferentes exercícios resistidos; 3 investigar se existe correlação entre a PSE e SPD. Participaram doze mulheres obesas não praticantes de exercício físico com idades de 39.2±11.1 anos e IMC: 33.6±1.2 kg.m-2 as quais, foram submetidas a uma sessão de treinamento combinado com duração total de 60 minutos. Ao longo da sessão foram reportadas a PSE e SPD. Para analisar os dados foi utilizado uma ANOVA de medidas repetidas seguido de um Post Hock de Bonferroni. Os resultados demonstram que o volume aumentado produziu baixos valores de PSE (~3 e sensações prazerosas (~3 ao longo da sessão. Não foi encontrado diferença significativa da PSE e SPD entre os exercícios resistidos e foi evidenciada uma relação negativa moderada significativa (r= -0.624; p= 0.001 com 95% IC: -0.710; -0.280 entre a PSE e SPD. Sendo assim, o treinamento combinado pode ser prescrito para mulheres obesas, pois, produz baixa percepção de esforço e sensações prazerosas.

  15. Treinamento resistido para crianças e adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jucemar Benedet

    2013-05-01

    Full Text Available Em uma sociedade onde a aparência corporal é muito valorizada, as academias de musculação são procuradas de forma cada vez mais precoce pelos jovens. O objetivo deste estudo foi fazer uma análise retrospectiva sobre a evolução das recomendações do treinamento resistido para crianças e adolescentes. A busca bibliográfica foi realizada nas bases de dados PubMed, Web of Science e Scielo. As estratégias de busca incluíram a combinação dos seguintes descritores: “resistance training”, “strength training”, “weight-training” “adolescents”, “children” e “youth”. A busca bibliográfica resultou em 349 artigos. A leitura e análise dos resumos pelos autores resultou na seleção de 25 artigos, respeitando os critérios de inclusão adotados. Os resultados indicam que as primeiras publicações sobre o tema ocorreram em 1990 e, a partir de então, observou-se uma evolução substancial tanto no número de publicações quanto nas abordagens do treinamento resistido para crianças e adolescentes. A análise dos artigos mostra que atualmente é possível encontrar informações qualificadas cujos indicativos suportam a prática do treinamento resistido por parte de crianças e adolescentes de forma segura e eficaz. Pode-se concluir que não restam dúvidas sobre os benefícios do treinamento resistido para a saúde dos jovens, respeitadas as recomendações vigentes as quais são pontuadas ao longo desta revisão. Convém destacar que permanecem latentes questões associadas às respostas crônicas do treinamento resistido nesta faixa etária, assim como dúvidas em relação à prescrição para as diferentes idades, ergonomia dos equipamentos e ambientes.

  16. O TRABALHADOR COM DEFICIÊNCIA NA ORGANIZAÇÃO: UM ESTUDO SOBRE O TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO E A ADEQUAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE TRABALHO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andréia Maria de Carvalho Maia

    2015-12-01

    Full Text Available RESUMO Mesmo apoiados por leis que medeiam a inclusão da diversidade, ainda é difícil o acesso de pessoas com deficiência ao mercado de trabalho, o que muitas vezes é justificado pela baixa qualificação profissional delas ou dificultado pelas práticas adotadas pelas empresas. A pesquisa investigou as pessoas com deficiência, os profissionais de recursos humanos e os profissionais de segurança no trabalho de duas empresas para avaliar como é realizada a inserção das pessoas com deficiência dentro das organizações mediante o treinamento e desenvolvimento e sua adaptação ao ambiente de trabalho, considerando que já se passaram 23 anos da aprovação da Lei de Cotas no Brasil. Os resultados demonstram que a Lei de Cotas e o tipo de deficiência ainda influenciam no processo de contratação. Os programas de treinamento e desenvolvimento adotados não utilizam estratégias metodológicas ou tecnologias assistivas para garantir igualdade de oportunidades para as pessoas com deficiência. São realizados preferencialmente treinamentos on-the-job. Nem todos os respondentes reconhecem a qualificação profissional como fundamental no momento da contratação, principalmente porque a contratação de pessoas com deficiência é eminentemente para funções operacionais. Por outro lado, grande parte das pessoas com deficiência se sente satisfeita e valorizada no seu trabalho. As adaptações no ambiente e o uso de tecnologias assistivas foram reconhecidos como importantes para o desempenho desse grupo.

  17. Impacto de oito semanas de treinamento com pesos sobre a força muscular de homens e mulheres Impacto de ocho semanas de entrenamiento con pesos sobre la fuerza muscular de hombres y mujeres Impact of an eight-week weight training program on the muscular strength of men and women

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raphael Mendes Ritti Dias

    2005-08-01

    Full Text Available O objetivo do presente estudo foi verificar o impacto de oito semanas de treinamento com pesos (TP sobre a força muscular. Para tanto, 23 homens (20,7 ± 1,7 anos e 15 mulheres (20,9 ± 2,1 anos, aparentemente saudáveis e moderadamente ativos (atividade física regular El objetivo del presente estudio fué el de verificar el impacto de ocho semanas de entrenamiento con pesos (TP sobre la fuerza muscular. Para ello, 23 hombres (20,7 ± 1,7 años y 15 mujeres (20,9 ± 2,1 años, aparentemente saludables y moderadamente activos (atividad física regular The objective of the present study was to verify the impact of an eight-week weight training program (WT on the muscular strength. To do so, 23 men (20.7 ± 1.7 years and 15 women (20.9 ± 2.1 years, apparently healthy and moderately active (regular physical activity < 2 times a week were submitted to a WT program composed of 10 exercises for the different muscular groups during eight consecutive weeks. Three series of 8-12 RM were performed in each exercise in three weekly sessions with intervals each 48 hours. The pre and post-training muscular strength was determined by means of 1-RM tests in bench press, squat and arm curl exercises after five familiarization sessions. Increases on the muscular strength were verified in both genders in all exercises investigated as well as in the total amount of load lifted (P < 0.01. Although men presented higher absolute strength when compared to women in all exercises evaluated, the gains observed along time were higher for women (14.7 vs. 7.6% in squat; 17.2 vs. 11.0% bench press; 20.4 vs. 14.0% in arm curl. The results suggest that the eight-week WT period seems to be sufficient to promote significant modifications in the muscular strength of men and women in different body segments (lower limbs, trunk and upper limbs.

  18. Estudo dos efeitos de temporada de treinamento físico sobre a Performance de uma equipe de handebol feminino sub-21 Study of the effect of a physical training season on performance of a women's under 21 handball team

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Clodoaldo José Dechechi

    2010-08-01

    Full Text Available O handebol é um esporte que demanda resistência associada a ações rápidas e potentes, como saltos, bloqueios, sprints e arremessos. O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos de treinamento físico sistematizado de 38 semanas aplicado em uma equipe de handebol feminino sub-21 sobre a potência de membros superiores e inferiores, velocidade e resistência de sprints de 30m. A periodização consistiu de adaptação da teoria de cargas concentradas e objetivou dois picos de performance durante a temporada, com seis coletas de dados. Os valores de mediana e amplitude de variação dos dados (entre parênteses para o teste de arremesso de medicine ball de 3kg foram: 2,98m (2,15-3,50, 2,84m (2,43-3,20, 2,90m (2,60-3,38, 3,10 (2,83-3,81, 2,84 (2,55-3,57 e 3,34 (2,93-3,83. Para o teste de salto triplo horizontal alternado: 5,60m (4,93-6,58, 5,37m (5,04-6,38, 5,36m (4,93-6,12, 5,65m (4,80-6,78, 5,63m (5,00-6,40 e 5,83m (5,14-6,05. Para o teste de velocidade de sprint de 30m: 5,8m/s (5,45-6,44, 6,64m/s (6,24-7,09, 5,65m/s (5,17-5,95 (não houve coleta IV para esta capacidade, 6,19m/s (5,57-6,26 e 5,83m/s (5,14-6,05. Para o número de sprints até queda de 10% velocidade de 30m: 4 (4-6, 5 (4-9, 4,5 (4-16 (não houve coleta IV para esta capacidade, 6 (4-12 e 5 (4-5. Observamos diferenças estatisticamente significativas nos testes de arremesso de medicine ball de 3kg e salto triplo horizontal em relação aos testes do início da temporada (p Handball is a sport that demands endurance associated with fast and powerful actions such as jumps, blocks, sprints and throws. The aim of this study was to evaluate the effects of a 38-week systematic physical training applied to a women's under 21 handball team on upper and lower limb power, 30m sprints speed and endurance. The periodization applied was an adaptation of the Verkhoshansky theory, and aimed at two performance peaks during the season with six data collections. The median and range values for

  19. Intensidades de treinamento resistido e pressão arterial de idosas hipertensas - um estudo piloto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eline Silva da Cunha

    2012-12-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Observa-se que a literatura apresenta uma lacuna acerca da intensidade ideal de treinamento resistido para idosos hipertensos, os poucos estudos existentes utilizam treinamentos com diferentes intensidades. OBJETIVO: Verificar o efeito de duas intensidades de treinamento resistido sobre a pressão arterial de idosas hipertensas controladas. Métodos: Dezesseis idosas hipertensas, controladas por medicação anti-hipertensiva, foram divididas em dois grupos através de sorteio. Nove pacientes foram submetidas a treinamento resistido moderado (G1 e sete, a treinamento resistido leve (G2. As pacientes realizaram oito semanas de treinamento resistido, com frequência de três vezes por semana em dias alternados, no período vespertino. Os exercícios realizados foram respectivamente: leg press, supino reto, extensão de joelhos, puxada frontal, flexão de joelhos, abdução de ombro, abdução unilateral de quadril com cross over e rosca direta com barra. RESULTADOS: As pacientes do G1 apresentaram redução tanto nos valores de repouso da pressão arterial diastólica (PAD p < 0,03, como da pressão arterial média (PAM p < 0,03. O G2, por sua vez, apresentou redução nos valores de repouso da PAM (p < 0,03 e uma tendência à redução na PAD (p < 0,06. A magnitude de queda em ambos os grupos foi superior aos valores apresentados na literatura. CONCLUSÂO: Tanto o treinamento resistido moderado quanto o leve, mesmo quando iniciados na terceira idade, promoveram benefícios cardiovasculares. Ambos podem ser indicados como tratamento coadjuvante para idosas hipertensas controladas por medicação.

  20. Neuromuscular Disorders

    Science.gov (United States)

    ... lead to twitching, cramps, aches and pains, and joint and movement problems. Sometimes it also affects heart function and your ability to breathe. Examples of neuromuscular disorders include Amyotrophic lateral sclerosis Multiple sclerosis Myasthenia ...

  1. Influence of strength training on variables related to elderly autonomy = Influência do treinamento de força sobre variáveis relacionadas à autonomia de idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alessandra Regina Carnelozzi Prati

    2012-07-01

    Full Text Available The process of aging results in several changes in the organisms, thus, is necessary to search for ways to mitigate the negative effects of this involution process, for this, knowing that the strength improvement represents a greater availability for everyday activities, this study searched at strength training, evidence of possible improvements in variables related to elderly autonomy. Before and after 12 weeks of training, we performed a pre and post-assessment respectively, in which were measured anthropometric variables as body weight, height, body mass index, waist and hip circumference, waist-hip ratio and fat. We also performed a strength test with hand-held and lower-limb dynamometers, besides functional capacity tests as climbing stairs and self-perception performance in activities of daily living. The sample consisted of 12 elderly females without any type of strength training. The results showed a significant improvement in strength and functional capacity, there was also significant reduction of fat, and increase of lean body mass. Concluding, elderly people can enjoy the benefits provided by strength training, especially in autonomy perspective.O processo de envelhecimento traz consigo diversas alterações no organismo de quem o está sofrendo. Desta forma, se faz necessária a busca por maneiras de protelar os efeitos negativos dessa involução, para tanto, sabendo-se que a melhora da força dos sujeitos representa maior disponibilidade destes para as atividades do cotidiano. Este estudo buscou, no treinamento de força, indícios de possíveis melhoras em variáveis relacionadas à autonomia de idosos. Foram realizadas entre 12 semanas de treino, uma pré e uma pós-avaliação, nas quais foram mensuradas variáveis antropométricas como massa corporal, estatura, índice de massa corporal, circunferência de cintura e quadril, relação cintura-quadril e percentual de gordura; também foram realizados testes de força com dinam

  2. Transferência de aprendizagem, impacto do treinamento no trabalho, suporte à transferência de treinamento e produção acadêmica: estudo em uma universidade pública brasileira

    OpenAIRE

    Costa, Tatiana Pereira Athayde

    2013-01-01

    Este estudo teve como objetivo principal identificar o impacto das variáveis Transferência de aprendizagem para o trabalho, Impacto do treinamento no trabalho e Suporte à transferência de treinamento sobre o Desempenho no trabalho de egressos de cursos de doutorado que atuam como docentes em uma universidade pública brasileira. Contudo, como não foi alcançado o número mínimo necessário de participantes para testar este modelo, foram realizadas apenas as análises estatísticas correspondentes a...

  3. Treinamento resistido reduz riscos cardiovasculares em idosas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luís Ângelo Macêdo Santiago

    2015-08-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: O envelhecimento humano aliado ao estilo de vida sedentário é marcado por alterações metabólicas com modificação na composição corporal, que repercutem diretamente na proteína C-reativa (PCR, sendo este um importante marcador de risco de doenças cardiovasculares (DCV. O treinamento resistido (TR é um método muito utilizado na prevenção de doenças associadas ao envelhecimento. Objetivo: Avaliar os efeitos de oito semanas de TR sobre a composição corporal, força muscular e PCR em um grupo de idosas.MÉTODO: Foi realizado um estudo experimental com 10 idosas (63 ± 2 anos de idade. Para o ensaio de PCR, análises bioquímicas de hemograma e lipidograma completos foram coletadas amostras de sangue venoso periférico antes do exercício e 24 horas depois. Para medidas antropométricas calcularam-se índice de massa corporal (IMC, relação cintura/quadril (RCQ e composição corporal. O TR foi realizado por Série Combinada - Bi-Set. Para a análise estatística, primeiramente foi realizado o teste de normalidade de Shapiro-Wilk (p > 0,05 para testes paramétricos. As variáveis do grupo foram apresentadas como média e desvio padrão. Para variáveis de PCR, antropométricas, composição corporal e perfil lipídico foram realizados o teste t de Student,tanto anterior quanto posteriormente às oito semanas de treinamento. Para as amostras da evolução das cargas e médias do consumo alimentar foi realizado o teste One Way ANOVA e, quando necessário, o teste post hoc de Tukey. O nível de significância adotado foi de p ≤ 0,05.RESULTADOS: Houve redução estatisticamente significativa (p = 0,02 para as concentrações séricas de PCR, o que significa uma redução de 70,96%, além de diminuir a massa gorda e aumentar a massa magra e a carga de treino após oito semanas.CONCLUSÃO: Oito semanas de TR reduziram as concentrações séricas de proteína C-reativa, assim como diminuíram a massa gorda e aumentaram o

  4. O treinamento como contribuição para a consolidação da atividade de vendas

    OpenAIRE

    Maróstica , Eduardo

    2003-01-01

    Este trabalho teve como objetivo realizar uma reflexão conceitual sobre treinamento de vendedores que contempla fundamentos de marketing e princípios de vendas, visando maior efetividade no trabalho desses profissionais. Para isso foi realizada uma ampla revisão bibliográfica em livros e artigos acadêmicos relacionados a vendas, marketing e treinamento, nos acervos da príncipais bibliotecas tradicionais do país e em bases de dados eletrônicas disponíveis, além de jornais e revistas de negócio...

  5. Treinamento resistido para idosos: revisão de literatura

    OpenAIRE

    Socorro Fernanda Coutinho dos Santos; Vicente Matias da Silva Neto

    2017-01-01

    No Brasil, o ritmo de crescimento da população idosa tem sido sistemático e constante e com isso, acredita-se que em 2025, o Brasil será a sexta maior população de idosos no mundo. Visto isso, os rofissionais da área de saúde mostram o quanto à atividade física se apresenta como fator determinante para o bom processo de envelhecimento. Objetivo: realizar uma avaliação da literatura vigente sobre os efeitos do treinamento resistido em pessoas idosas. Método: para produção da compilação deste e...

  6. Efeito de dietas com adição de óleo e do treinamento sobre a atividade muscular de equinos submetidos à prova de resistência = Effect of diets with soybean oil addition and training over muscular activity of equines submitted to resistance test

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberta Ariboni Brandi

    2008-07-01

    Full Text Available O trabalho teve como objetivo verificar o efeito da adição de óleo de soja e do treinamento na atividade plasmática das enzimas Creatina Quinase (CK e Aspartato Aminotransferase (AST sobre o trabalho muscular de equinos submetidos a teste de resistência. Foram fornecidas dietas experimentais compostas por cinco níveis de óleo desoja no concentrado (controle, 6, 12, 18 e 24%. Foram utilizados 20 equinos da raça Árabe, peso médio de 400 kg, submetidos a teste de resistência de 80 km em esteira rolante, em Laboratório de Fisiologia do Exercício. A simulação de enduro foi dividida em quatro fasesde 20 km cada. Observou-se efeito (p The aim of this study was to verify the effect of increasing soybean oil levels and training on the enzyme activity of AspartateAminotransferase (AST and Creatine kinase (CK as indicative of muscle work. Experimental diets were composed by five soy oil levels in the concentrate (control- no oil, 6, 12, 18 and 24%. Twenty Arabian horses, male and female, average weight of 400 kg weresubmitted to an 80-km endurance race in a treadmill. The treadmill experiment was conducted in the Exercise Physiology Laboratory. The endurance simulation was divided in 4 phases of 20 km each. The effect (p < 0.05 of soybean oil addition and run distance forCK and AST variables during the effort test and also in the recovering time were observed. It was concluded that soybean oil presents a beneficial effect on muscle work, as it decreasesthe activity of AST and CK enzymes in diets with more of 6% of soybean oil in the concentrate. The elevated value showed was not necessarily linked to muscle pathology presence. Each animal must be analyzed individually, based on its corresponding basal enzymatic activity.

  7. OS PRINCÍPIOS DO TREINAMENTO TÉCNICO APLICADOS AO JUDÔ E A INTER-RELAÇÃO COM AS FASES DO TREINAMENTO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pablo Juan Greco

    2008-06-01

    Full Text Available O treinamento técnico tem como objetivo principal adquirir formas de soluções motoras, para resolver as tarefas e os problemas, que o esporte apresenta. Sobre bases de considerações metodológicas e neurofisiológicas, deve-se dividir o treinamento para adquirir a técnica (aquisição e para a sua aplicação. Com o desenvolvimento das habilidades técnicas, ocorre a automatização e eventual execução de variantes em competições. Os modernos conceitos dos processos de coordenação de movimento e de aprendizagem motora oferecem uma sistemática de regras e medidas, a serem adotadas para a elaboração de planos de treinamento. Na metodologia esportiva são utilizadas alternativas relacionadas ao “ABC” de Roth, e às categorias temáticas para solucionar problemas em relação a ensino-aprendizagem. As técnicas de arremesso do judô, aplicadas dentro de um modelo seqüencial de aprendizagem, facilitarão no decorrer deste processo, a ação/resposta, proporcionando aos praticantes deste esporte um melhor desenvolvimento.

  8. Efeito de diferentes doses de nandrolona associado ao treinamento de força sobre o perfil fenotípico e área de secção transversa do músculo de ratos Effect of different doses of nandrolone associated with resistance training on muscle phenotypic profi le and cross-sectional area of rats

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rozangela Verlengia

    2013-03-01

    Full Text Available O presente estudo avaliou a influência de diferentes doses de decanoato de nandrolona (DN associado ao Treinamento de Força (TF sobre o fenótipo de fibras e área de secção transversa (AST do músculo extensor longo dos dedos (EDL em ratos "Wistar". Os animais foram divididos em sete grupos: controle (GC e grupos de acordo com a concentração de DN (0,1, 1, 2, 5, 10 e 20 mg/kg administrada intramuscular 3 vezes/semana. O TF consistiu de saltos em meio líquido (carga 50-70% do peso corporal 3x/semana, durante cinco semanas. A associação do TF e DN promoveu ação modulatória sobre os tipos de fibras. Houve hipertrofia das fibras de contração rápida (tipo II em comparação com as fibras de contração lenta (tipo I. Em conclusão, apesar da associação do TF com DN aumentar a AST muscular e alterar o fenótipo das fibras, não houve efeito gradual das doses mais altas.The aim of the present study was to evaluate the influence of different doses of nandrolone decanoate (ND associated with Strength Training (ST on the phenotype of fibers and cross-sectional area (CSA of the extensor digitorum longus (EDL in Wistar rats. The animals were divided into seven groups: control (CG and the groups according to the dose of ND administered (0,1, 1, 2, 5, 10 e 20 mg/kg. The ST consisted of water jumping with loads of 50-70% of their body mass, three times per week during five weeks. The association of ST with ND promoted a modulatory role on the muscle fiber types. There was a hypertrophy of fast twitch fibers (type II as compared with slow twitch (type I. In conclusion, although the association of ST with ND increased muscle CSA and modified fiber phenotype, there was no additional effect of higher doses.

  9. Efeito de diferentes protocolos de treinamento de força sobre parâmetros morfofuncionais, hormonais e imunológicos Efecto de protocolos diferentes en el entrenamiento de la fuerza en los parámetros morfo-funcional, hormonal e inmunológico Effects of different resistance training protocols over the morphofunctional, hormonal and immunological parameters

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marco Carlos Uchida

    2006-02-01

    Full Text Available O objetivo do estudo foi examinar a influência de dois diferentes protocolos de treinamento de força sobre parâmetros antropométricos (peso, IMC, massa gorda, funcionais (teste de 1-RM e teste de repetições máximas e relacionados ao sistema endócrino (concentração de testosterona e de cortisol e ao sistema imunológico (concentração de glutamina e de IgG. Participaram do estudo 12 homens treinados (27,4 ± 4,8 anos. Esses indivíduos foram aleatoriamente divididos em dois grupos, que posteriormente foram submetidos a dois protocolos de treinamento distintos: Múltiplas séries (MS e Tri-set (TS. Amostras de sangue foram coletadas antes e depois de uma sessão de exercício de força, no início e no final do período de oito semanas de treinamento. Não foram observadas alterações nos parâmetros morfo-funcionais (com exceção do teste de repetições máximas para o agachamento. Com relação aos parâmetros endócrinos, foi observado que o TS provocou aumento significativo do cortisol, imediatamente após a sessão de treino, tanto no início como no final das oito semanas (p El objetivo del estudio fué examinar la influencia de 2 protocolos diferentes de entrenamiento de fuerza sobre parámetros antropométricos (peso, IMC, masa grasa, funcionales (prueba de 1-RM y prueba de repeticiones máximas y los parámetros relacionados al sistema endocrino (concentraciones de testosterona y de cortisol y al sistema inmunológico (la concentración del glutamina y de IgG. Participaron en el estudio 12 hombres entrenados (27,4 ± 4,8 años. Estos individuos fueron aleatoriamente divididos en 2 grupos que después se sometieron a 2 protocolos de entrenamiento en dos series diferentes, Múltiple (MS y Tri-juego (TS. Las muestras de sangre eran reunidos antes y después de una sesión de ejercicio de fuerza, al principio y en el fin del período de 8 semanas de entrenar. No se observaron alteraciones en los parámetros morfo

  10. Efeitos da suplementação de creatina e do treinamento de potência sobre a performance e a massa corporal magra de ratos Effects of creatine supplementation and power training on performance and lean body mass of rats

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Frederico S.C. Franco

    2007-10-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A creatina é um dos suplementos mais usados por atletas para incrementar a síntese protéica e aumentar a massa e força muscular. OBJETIVO: Investigou-se os efeitos da suplementação de creatina associada a um programa de treinamento de potência (saltos verticais sobre a performance e a composição da massa corporal magra de ratos Wistar. MÉTODOS: Ratos Wistar adultos foram distribuídos em quatro grupos: SSC (sedentário sem creatina; SC (sedentário com creatina; ESC (exercício sem creatina e EC (exercício com creatina. Os animais receberam água e ração ad libitum. Os grupos SC e EC ingeriam dose de creatina diariamente, adotando o procedimento de carga (0,430g/kg p.c. por 7 dias e manutenção (0,070g/kg p.c. por 6 semanas. Os grupos EC e ESC foram submetidos a um regime progressivo de saltos verticais (5x10 saltos com 1 min de intervalo em tanque com água, 5 dias/semana, durante 7 semanas. A performance foi avaliada pelo tempo de execução das 5 séries de 10 saltos verticais e a composição da massa corporal magra (músculos e ossos foi avaliada pelas porções: água, proteína e gordura. RESULTADOS: A performance não foi afetada pela ingestão de creatina (p > 0,05. Os animais suplementados tiveram o percentual de proteína elevado e o de gordura reduzido (p 0,05. CONCLUSÃO: A suplementação de creatina não afetou a performance dos animais, mas alterou a massa corporal magra. A suplementação de creatina e o programa de treinamento de potência, de forma independente, elevaram o percentual de proteína dos músculos e ossos e reduziram o percentual de gordura, sem alterar o percentual de água.INTRODUCTION: Creatine is one of the supplements most used by athletes in order to increase protein synthesis and consequently muscle mass and strength. OBJECTIVE: This study investigated the effects of creatine intake on the performance and lean body mass of Wistar rats. METHODS: Male Wistar rats were allocated

  11. Programa de treinamento sobre a intervenção terapêutica "relaxamento, imagens mentais e espiritualidade" (RIME para re-significar a dor espiritual de pacientes terminais Training program about the therapeutical intervention "relaxation, mental images and spirituality" (RIME to resignify the spiritual pain of terminal patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Catarina Araújo Elias

    2007-01-01

    Full Text Available CONTEXTO: Neste artigo, apresentamos um programa de treinamento sobre a intervenção terapêutica relaxamento, imagens mentais e espiritualidade (RIME para profissionais de saúde, que objetiva re-significar a dor espiritual de pacientes terminais. OBJETIVO: Analisar um programa de treinamento por meio da compreensão da experiência de profissionais na utilização da Intervenção RIME e da compreensão da experiência dos doentes na re-significação da dor espiritual, manifestada durante a aplicação do RIME por profissionais treinados. MÉTODOS: Os sujeitos foram uma enfermeira, uma médica, três psicólogos e uma terapeuta alternativa voluntária, todos experientes ou estudiosos em cuidados paliativos, selecionados por convite e que atenderam 11 pacientes terminais internados em hospitais públicos das cidades de Campinas, Piracicaba e São Paulo (SP. A metodologia utilizada teve como base a pesquisa-ação e a fenomenologia. Os resultados qualitativos foram analisados pelo método análise do conteúdo por meio da técnica análise temática e os quantitativos foram analisados pelo método descritivo, utilizando-se o teste de Wilcoxon. RESULTADOS: Na análise da vivência dos profissionais, encontramos cinco categorias e 15 subcategorias. Na análise da natureza da dor espiritual, encontramos como categorias mais prevalentes os medos da morte expresso pela negação e pela percepção do quadro clínico. Na aplicação do RIME, observamos diferença estatisticamente significativa (p BACKGROUND: This article presents a training program for a therapeutic intervention involving relaxation, mental images and spirituality (RIME, which can be administered to help terminal patients to resignify their spiritual pain. OBJECTIVE: Analysis of a training program based on the understanding of the experience of professionals in the use of RIME intervention and of patients in their resignification of spiritual pain, as revealed during the

  12. Effect of respiratory muscle training on pulmonary function in preoperative preparation of tobacco smokers Efeito do treinamento dos músculos respiratórios sobre a função pulmonar no preparo pré-operatório de tabagistas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carrie Chueiri Ramos Galvan

    2007-04-01

    Full Text Available PURPOSE: To evaluate the effect of utilization of a specific training program of respiratory muscles on pulmonary function in tobacco smokers. METHODS: Fifty asymptomatic tobacco smokers with age superior to 30 years were studied, at the moments: A0 - initial evaluation followed by protocol of respiratory exercises; A1 - reevaluation after 10 minutes of protocol application; and A2 - final reevaluation after 2 weeks of training utilizing the same protocol 3 times per week. The evaluation was realized through measures of maximum respiratory pressures (PImax and PEmax, respiratory peak flow (IPF and EPF, maximum voluntary ventilation (MVV, forced vital capacity (FVC and forced expiratory volume at the 1st second (FEV1. RESULTS: There was no improvement from initial to final evaluation in FVC and FEV1. But there were significant increases in the variables IPF, EPF, MVV and PImax at evaluations A1 and A2. The PEmax variable increased only at evaluation A2. CONCLUSION: The application of the protocol of respiratory exercises with and without additional load in tobacco smokers produced immediate improvement in the performance of respiratory muscles, but this gain was more accentuated after 2 weeks of exercise.OBJETIVO: Avaliar o efeito da utilização de um programa de treinamento específico dos músculos respiratórios sobre a função pulmonar em indivíduos tabagistas. MÉTODOS: Foram estudados 50 indivíduos tabagistas assintomáticos com idade superior a 30 anos, nos seguintes momentos: A0 - avaliação inicial seguida do protocolo de exercícios respiratórios; A1 - reavaliação após 10 minutos da aplicação do protocolo; e A2 -reavaliação final após duas semanas de treinamento utilizando o mesmo protocolo três vezes por semana. A avaliação foi realizada através das medidas de pressões respiratórias máximas (PImax. e PEmax., picos de fluxo respiratórios (PFI e PFE, ventilação voluntária máxima (VVM, capacidade vital For

  13. Efeitos de dois tipos de treinamento de natação sobre a adiposidade e o perfil lipídico de ratos obesos exógenos Effects of two different types of swimming exercise on adiposity and lipid profile in rats with exogenous obesity

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lucimara Zambon

    2009-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Investigar os efeitos do exercício de natação intermitente em relação ao exercício contínuo e ao sedentarismo, em ratos Wistar, após o desenvolvimento de obesidade exógena pela administração de uma dieta hiperlipídica palatável sobre: evolução do peso corporal, ingestão alimentar, adiposidade, percentual de gordura dos tecidos e perfil lipídico. MÉTODOS: Foram utilizados ratos adultos, mantidos em gaiolas individuais, com livre acesso a água e comida. O protocolo experimental incluiu: 1 desenvolvimento da obesidade exógena (3 semanas, os animais foram divididos em: P: sedentários alimentados com dieta padrão Primor® (n=8 e H: sedentários alimentados com dieta hiperlipídica (n=32; 2 tratamentos (8 semanas subseqüentes, os animais (n=24 passaram a receber dieta padrão e foram divididos em: sedentário; treinado contínuo e treinado intermitente. Treinamentos (5x semana: Contínuo (90 minutos/dia e Intermitente (3x30min/dia. Os animais foram submetidos à eutanásia (3 e 8 semanas, sendo coletados os tecidos adiposos, o fígado e o sangue. Foram determinados a adiposidade e o percentual de gordura dos tecidos adiposos e do fígado, o ganho de peso corporal, o consumo alimentar e o perfil lipídico. RESULTADOS: A dieta hiperlipídica aumentou a adiposidade, o percentual de gordura acumulada no fígado e desenvolveu dislipidemias. A troca de dieta e os dois tipos de treinamento foram capazes de reverter o quadro de obesidade exógena. Contudo, o exercício intermitente foi mais eficiente na redução da adiposidade e de ganho de peso. CONCLUSÃO: Associados à dieta balanceada, os treinamentos aplicados neste estudo poderiam ser utilizados como estratégia no controle de peso e de dislipidemias, tanto em modelos experimentais quanto em seres humanos.OBJECTIVE: The objective was to look into the effects of intermittent swimming against continuous exercise and inactivity in Wistar rats after they developed exogenous

  14. Influência das variáveis do treinamento contra-resistência sobre o consumo de oxigênio em excesso após o exercício: uma revisão sistemática Influence of resistance training variables on post-exercise oxygen consumption: a systematic review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Gil Castinheiras Neto

    2009-02-01

    Full Text Available O exercício contra-resistência (ECR pode contribuir para o aumento da taxa metabólica de repouso (TMR. É consenso na literatura que o volume da sessão de ECR pode repercutir em maior gasto calórico e que, após o exercício, o consumo de oxigênio em excesso (EPOC pode variar de acordo com a característica do programa de exercício. Contudo, ainda não é possível definir qual ou quais variáveis de prescrição têm maior impacto sobre o EPOC em sessões de ECR. O objetivo do estudo foi efetuar uma revisão sistemática sobre os estudos que se propuseram a investigar as relações entre o EPOC e variáveis de treinamento em ECR. Os 17 estudos selecionados foram agrupados por similaridade de tratamento (número de séries, intensidade, intervalos de recuperação, velocidade da contração muscular e ordem dos exercícios. Técnicas de estatística descritiva foram utilizadas na tentativa de estabelecer possíveis tendências nas relações dose-resposta. Posteriormente, os dados foram analisados de forma qualitativa. De todas as variáveis analisadas, o curto intervalo de recuperação e o modo de prescrição no formato em circuito foram aquelas com maior impacto provável sobre a magnitude do EPOC. Quanto às demais variáveis, limitações metodológicas não permitem estabelecer tendências, principalmente no tocante à duração do EPOC. Adicionalmente, constata-se a necessidade de padronização de aspectos importantes para a quantificação do EPOC, como o tempo de observação do após o exercício e a forma de aferição da TMR.Resistance training (RT may influence resting metabolic rate (RMR increase. There is a consensus that the volume of the RT session may produce higher caloric expenditure and that the excess post-exercise oxygen consumption (EPOC may vary according to the characteristics of the exercise program. However, it is not possible yet to define which prescription variables have greater impact on the EPOC. The aim

  15. Efeito do treinamento resistido em paciente com fibromialgia: estudo de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanessa Zadorosnei Rebutini

    2013-06-01

    Full Text Available A fibromialgia (FM é uma doença idiopática de ordem reumatológica e incurável que causa dores crônicas e possui tratamento complexo e multifatorial. O exercício físico pode fazer parte do tratamento por atenuar parte dos sintomas da FM, porém a literatura ainda carece de informações sobre tipo, intensidade, duração e frequência ótimos contra os sintomas da FM. O objetivo do presente estudo foi verificar o efeito de 12 semanas de treinamento resistido em uma paciente com FM que não fazia tratamento farmacológico. Os resultados indicaram que 12 semanas de treinamento resistido foi capaz de reduzir as dores, melhorar a capacidade funcional, o bem-estar geral e a qualidade de vida da paciente. O treinamento resistido pareceu atenuar os efeitos negativos da FM e parece ser uma ferramenta promissora para pacientes com FM que gostem desse tipo de atividade.

  16. Monitoramento da carga interna de treinamento em jogadores de futsal ao longo de uma temporada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bernardo Miloski

    2012-10-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.5007/1980-0037.2012v14n6p671 Existe a necessidade de estudos sobre métodos para controle da carga e descri­ção da periodização em equipes de futsal. O objetivo do estudo foi descrever e analisar a carga interna de treinamento em um macrociclo de futsal utilizando-se o método de Percepção Subjetiva do Esforço da sessão. A amostra foi composta por 13 atletas de Liga Nacional. Calculou-se carga de treinamento semanal total (CTST, monotonia e strain durante 37 semanas. Utilizando Teste t de Student pareado, o período de preparação (PP apresentou CTST, strain e monotonia maiores que o competitivo (PC. Utilizando ANOVA de medi­das repetidas, seguida pelo post-hoc de Bonferroni, observaram-se diferenças significativas para CTST entre mesociclos: 1 > 2, 4, 5, 6, 8, 9; 7 > 4, 5, 8, 9; 2, 3 e 6 > 5, 8, 9; 4 > 5; 8 > 5 (p>0,05. As cargas de treinamento (CT foram mais elevadas no PP com redução no PC. A CT apresenta uma característica ondulatória, adaptando-se ao calendário competitivo.

  17. Yeast as a feed additive for training horses Leveduras como aditivo nutricional para cavalos em treinamento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adalgiza Souza Carneiro de Rezende

    2012-06-01

    Full Text Available This research analyses the yeast supplementation effect on the digestibility of nutrients and metabolic performance in training horses. Twelve horses were assigned into 2 groups: Pr (20 g of probiotics daily per horse and control. The diet consisted of roughage (haylage and commercial rations and all horses were trained for 6 weeks. LIPE® indicator was used during 7 days and feces collected for five days to determine nutrient digestibility. DM, CP, DE, P, NDF, ADF, HCEL and lignin were determined. All horses were subjected to incremental ergospirometry test before and at the end of training. Horses that received live yeast showed an increase (pO trabalho avaliou o efeito da suplementação com leveduras na dieta de equinos em treinamento, sobre a digestibilidade dos nutrientes e o desempenho metabólico dos animais. Doze equinos foram distribuídos em 2 grupos: Pr (equinos que receberam 20 g de probióticos diariamente e Controle. A dieta foi composta de volumoso (haylage e concentrado comercial e todos os equinos foram treinados durante 6 semanas. A digestibilidade dos nutrientes foi avaliada utilizando o indicador LIPE® (7 dias e a coleta de fezes foi realizada durante cinco dias. Foi analisado MS, PB, DE, P, FDN, FDA, HCEL e lignina. Antes e após o treinamento, todos os cavalos foram submetidos a um teste incremental ergoespirométrico. Os equinos que receberam leveduras vivas apresentaram um aumento (p <0,05 de 4,1% na digestibilidade da HCEL. Após o treinamento, ambos os grupos apresentaram maior tolerância à fadiga, com um aumento na AT e no VO2max. O treinamento melhorou o desempenho dos animais, e a digestibilidade da hemicelulose e DE foi maior no grupo Pr, mas esses aumentos não melhoraram o desempenho desses animais.

  18. Treinamento esfincteriano: métodos, expectativas dos pais e morbidades associadas Toilet training: methods, parental expectations and associated dysfunctions

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Denise M. Mota

    2008-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Revisar a literatura científica e leiga sobre o treinamento esfincteriano, abordando expectativas dos pais, métodos disponíveis para aquisição do controle esfincteriano e morbidades associadas. FONTES DOS DADOS: Publicações no período de 1960 a 2007, obtidas a partir das bases bibliográficas MEDLINE, Cochrane Collaboration, ERIC, Web of Science, LILACS, SciELO e Google; busca em artigos relacionados, referências dos artigos, por autor e nas sociedades de pediatria. Foram examinados 473 artigos, sendo selecionados 85. SÍNTESE DOS DADOS: Os pais apresentam expectativas irreais sobre idade de retirada de fraldas, sem levar em conta o desenvolvimento infantil. As estratégias de treinamento não se modificaram nas últimas décadas, e a idade vem sendo postergada na maioria dos países. Métodos de treinamento raramente são utilizados. O início precoce do treinamento esfincteriano e eventos estressantes durante o período podem prolongar o processo de treinamento. Uma maior freqüência de enurese, infecção urinária, disfunção miccional, constipação, encoprese e recusa em ir ao banheiro é observada nas crianças com treinamento inadequado. A literatura leiga para os pais é abundante e adequada, veiculada através de livros e da Internet, mas não largamente disponível para a população brasileira. Apenas três sociedades internacionais de pediatria disponibilizam diretrizes sobre treinamento esfincteriano. CONCLUSÕES: O controle esfincteriano vem sendo postergado na maioria dos países. Os métodos de treinamento existentes são de décadas passadas, sendo pouco utilizados pelas mães e pouco valorizados pelos pediatras; o treinamento inadequado pode ser um dos fatores causadores de distúrbios miccionais e intestinais, que causam transtornos para as crianças e famílias.OBJECTIVE: To review both the scientific literature and lay literature on toilet training, covering parents' expectations, the methods available

  19. Objective neuromuscular monitoring of neuromuscular blockade in Denmark

    DEFF Research Database (Denmark)

    Söderström, C M; Eskildsen, K Z; Gätke, M R

    2017-01-01

    BACKGROUND: Neuromuscular blocking agents are commonly used during general anaesthesia but can lead to postoperative residual neuromuscular blockade and associated morbidity. With appropriate objective neuromuscular monitoring (objNMM) residual blockade can be avoided. In this survey, we investig...

  20. Kaatsu training : novas perspectivas para o treinamento resistido

    OpenAIRE

    Deus, Lysleine Alves de

    2012-01-01

    Para que um treinamento resistido possa contribuir de forma eficaz para o aumento de força e hipertrofia, muitos são os fatores que interferem na sua elaboração. Estudos ao longo dos anos vinham relatando que o treinamento resistido executado com cargas altas era o método mais eficaz para o aumento de força e hipertrofia. Em contradição a essas teorias pesquisadores japoneses desenvolveram uma nova técnica em que o treinamento resistido (TR) é executado com baixa intensidade e pouco peso asso...

  1. Efeitos do treinamento auditivo em idosos com Comprometimento Cognitivo Leve

    OpenAIRE

    Renata Rezende de Almeida Ávila; Cristina Ferraz Borges Murphy; Eliane Schochat

    2014-01-01

    INTRODUÇÃO: Pesquisas demonstram a existência do Transtorno do Processamento Auditivo em indivíduos com Comprometimento Cognitivo Leve. OBJETIVO: Verificar os efeitos de um treinamento auditivo, em indivíduos com comprometimento cognitivo leve. MÉTODOS: Participaram 25 indivíduos, com idades entre 69 e 91 anos e diagnóstico de Comprometimento Cognitivo Leve, sendo que, 10 receberam treinamento auditivo (grupo estudo), 10 receberam treinamento visual (grupo alternativo) e cinco não re...

  2. Efeitos da crioterapia e facilitação neuromuscular proprioceptiva sobre a força muscular nas musculaturas flexora e extensora de joelho Effects of cryotherapy and proprioceptive neuromuscular facilitation on muscle strength at the flexor and extensor muscles of the knee

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daiana Moreira Mortari

    2009-12-01

    Full Text Available As musculaturas flexora e extensora do joelho são freqüentemente lesionadas devido a um desequilíbrio entre esses grupos. Recursos térmicos, como a crioterapia, e técnicas de alongamento, como a técnica mantém-relaxa da facilitação neuromuscular proprioceptiva (FNP, influenciam a flexibilidade e força muscular, proporcionando maior homogeneidade entre essas musculaturas e diminuindo a incidência de lesões. Este estudo objetivou verificar os efeitos da crioterapia e da FNP sobre a força das musculaturas flexora e extensora de joelho. A amostra foi composta por 18 mulheres com idade entre 18 e 24 anos, não-praticantes de atividade física regular, divididas em dois grupos: um submetido a crioterapia e o outro à técnica mantém-relaxa da FNP. Antes e após uma sessão de aplicação das técnicas foi feita avaliação isocinética. A aplicação da técnica mantém-relaxa provocou aumento da força em ambas as musculaturas em ambos os membros, atingindo nível de significância nos flexores do membro inferior direito (p=0,04. A crioterapia diminuiu a força dos extensores e exerceu efeito contrário sobre os flexores, tendo gerado aumento significativo nos flexores do membro inferior direito (p=0,035. Quando comparadas as técnicas, a técnica mantém-relaxa gerou maiores valores de pico de torque, principalmente nos extensores do membro inferior esquerdo (p=0,042. Conclui-se que a técnica mantém-relaxa da FNP gerou maiores valores no pico de torque em relação à crioterapia.Knee extensor and flexor muscles are often injured due to an imbalance between these groups, which may lead to a deficit in muscle performance. Thermal resources, such as cryotherapy, and stretching techniques, such as the "hold-relax" of proprioceptive neuromuscular facilitation (PNF, influence flexibility and muscle strength and may reduce the chances of muscle tendon injuries. The aim of the study was to verify the effects of cryotherapy and of the PNF

  3. Influência de variáveis do treinamento contra-resistência sobre a força muscular de idosos: uma revisão sistemática com ênfase nas relações dose-resposta Influencia de las variables de entrenamiento contra-resistencia sobre la fuerza muscular de ancianos: una revisión sistemática con énfasis en las relaciones dosis-respuesta Influence of counter-resistance training variables on elderly muscular strength: a systematic review with emphasis on dose/response relationships

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nádia Lima da Silva

    2007-02-01

    Full Text Available A força muscular é considerada componente importante de programas de exercícios físicos. Os benefícios desse tipo de treinamento dependem da combinação do número de repetições, séries, sobrecarga, seqüência e intervalos entre as séries e exercícios. No entanto, não se tem ainda muito clara qual a melhor combinação dessas variáveis para uma ótima relação dose-resposta em pessoas idosas. O objetivo do estudo foi analisar as pesquisas sobre treinamento de força para idosos, por meio de revisão sistemática, com o propósito de identificar tendências comuns em termos de efeitos do treinamento provocados pela manipulação dessas variáveis. Após definição de critérios de inclusão, foram selecionados 22 estudos, agrupados por similaridade de tratamento (número de séries, freqüência semanal, intensidade, intervalos e ordem dos exercícios. Técnicas de estatística descritiva auxiliaram na determinação de possíveis tendências nas relações dose-resposta. Uma vez identificadas, essas tendências foram analisadas qualitativamente. De todas as variáveis revisadas, somente para a intensidade da sobrecarga foram encontradas evidências permitindo afirmar que cargas maiores seriam mais eficazes para induzir aumento de força nessa faixa etária. Quanto às demais variáveis, os resultados disponíveis na literatura não dão respaldo para inferências seguras quanto ao melhor delineamento de programas de treinamento que aliem, ao mesmo tempo, efetividade e segurança. Recomenda-se, então, que estudos sejam realizados para comparar experimentalmente os efeitos da manipulação dessas variáveis sobre a força muscular de idosos.La fuerza muscular es considerada componente importante de programas de ejercicios físicos. Los beneficios de ese tipo de entrenamiento dependen de la combinación del número de repeticiones, series, sobrecarga, secuencia e intervalos entre las series y ejercicios. A pesar de esto, no se

  4. Plataforma Blackboard: treinamento dos professores para a eficácia na EaD

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Serravalle de Sá

    2010-08-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.5007/1807-9288.2010v6n1p124 O presente artigo faz considerações sobre o uso da plataforma Blackboard Academic Suite como ferramenta de ensino no âmbito do Departamento de Espanhol, Português e Estudos Latino-Americanos (SPLAS na Universidade de Manchester. O que se oferece é um depoimento da experiência do autor enquanto um professor-usuário dessa tecnologia aplicada ao ensino. Reflete-se aqui sobre as funcionalidades da plataforma e a questão do treinamento necessário para utilização plena do programa e o sucesso da experiência educativa.

  5. EFEITO DO TREINO NEUROMUSCULAR NA ROTAÇÃO DO JOELHO DURANTE A ATERRISSAGEM EM MULHERES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Narayana Vianna Spanó

    2016-04-01

    Full Text Available Introdução: O grande índice de lesões do ligamento cruzado anterior sem envolver contato em mulheres é motivo de curiosidade entre os cientistas, pois avaliações de aterrissagem podem sugerir a predisposição ao risco dessa lesão. Neste sentido, vários protocolos de treinamento foram utilizados como intervenção e obtiveram resultados diversificados na alteração desse fator de risco. Objetivo: O objetivo deste projeto foi avaliar as possíveis alterações de rotação do joelho na aterrissagem unipodal após a intervenção de um programa de treinamento neuromuscular. Métodos: Participaram do estudo 18 mulheres com idade entre 18 e 51 anos, que foram distribuídas em dois grupos: grupo de treinamento neuromuscular de oito semanas (GTN (n = 11 e grupo controle (GC (n = 7. Além disso, não apresentavam lesão musculoesquelética ou dores nos membros inferiores. Cada participante realizou cinco aterrissagens unipodais válidas de uma plataforma de 40 cm de altura. O processo de captura de movimento foi realizado com 12 câmeras infravermelho do sistema OptiTrack(tm para obter as coordenadas tridimensionais de marcadores fixados nos pontos anatômicos de interesse. Os sistemas de coordenadas locais da coxa e da perna foram definidos por meio dos respectivos marcadores fixados nos pontos anatômicos. Dessa forma, foram calculados os ângulos de rotação do joelho nos planos sagital, frontal e transverso através das sequências dos ângulos de Euler e as velocidades angulares através das formulações dos quatérnions. Resultados: Os resultados mostraram que houve um aumento na velocidade de rotação do joelho após o treinamento neuromuscular. Conclusão: Conclui-se que o treinamento neuromuscular resultou em maior velocidade de rotação no joelho nos 40 milissegundos que sucedem a aterrissagem unipodal.

  6. TEACHING NEUROMUSCULAR RELAXATION.

    Science.gov (United States)

    NORRIS, JEANNE E.; STEINHAUS, ARTHUR H.

    THIS STUDY ATTEMPTED TO FIND OUT WHETHER (1) THE METHODS FOR ATTAINING NEUROMUSCULAR RELAXATION THAT HAVE PROVED FRUITFUL IN THE ONE-TO-ONE RELATIONSHIP OF THE CLINIC CAN BE SUCCESSFULLY ADAPTED TO THE TEACHER-CLASS RELATIONSHIP OF THE CLASSROOM AND GYMNASIUM, AND (2) NEUROMUSCULAR RELAXATION CAN BE TAUGHT SUCCESSFULLY BY AN APPROPRIATELY TRAINED…

  7. Training program on microbiological test collection material methods at a teaching hospital: investment and result assessment Programa de capacitación sobre el método de colecta de material para análisis microbiológico en un hospital-escuela: inversión y evaluación de los resultados Programa de treinamento sobre método de coleta de material para exame microbiológico em um hospital de ensino: investimento e avaliação dos resultados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marli de Carvalho Jericó

    2006-10-01

    Full Text Available This study aimed at evaluating the results, direct costs and investment of a training program on microbiological test material collection at a teaching hospital. Test collections that did not follow the established criteria (failure were considered as the result measure. Variable and absorption costing were used to calculate direct costs and investments, respectively. Of the 11,893 collected materials, failures were evidenced in 59 (0.5%. Direct cost corresponded to R$ 154.10 and R$ 2,431.29 was invested in training. These findings revealed that the evidenced number of anomalies (failures represented a low percentage in relation to the total collected material for microbiological exams. Therefore, this should not be considered a critical point that justifies the continuity of the training and, consequently, the investment.Este estudio tiene como objetivo evaluar los resultados, los costos directos y la inversión en un programa de capacitación para la colecta de muestras para análisis microbiológico en un hospital-escuela. Fueron consideradas como medida de resultados las colectas de análisis que no siguieron los criterios establecidos (anomalía. Los sistemas de costo variable y por absorción fueron utilizados, respectivamente, para calcular los costos directos y la inversión. De las 11,893 muestras recogidas, se manifestaron anomalías en 59 (0,5%. El costo directo fue de US$ 84.67, y la inversión total en el programa de US$ 1,335.87. Los resultados permitieron concluir que el número de anomalías evidenciadas significaba un bajo porcentaje con respecto al total de material recogido para análisis microbiológico y no constituía un punto crítico que justificase la continuación del capacitación y la consecuente inversión.Este estudo teve por objetivo avaliar os resultados, os custos diretos e o investimento de um programa de treinamento sobre coleta de materiais para exame microbiológico em um hospital de ensino. Foram

  8. Efeito de dietas com adição de óleo e do treinamento sobre a atividade muscular de equinos submetidos à prova de resistência - DOI: 10.4025/actascianimsci.v30i3.5714 Effect of diets with soybean oil addition and training over muscular activity of equines submitted to resistance test - DOI: 10.4025/actascianimsci.v30i3.5714

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jose Correa de Lacerda-Neto

    2008-11-01

    Full Text Available O trabalho teve como objetivo verificar o efeito da adição de óleo de soja e do treinamento na atividade plasmática das enzimas Creatina Quinase (CK e Aspartato Aminotransferase (AST sobre o trabalho muscular de equinos submetidos a teste de resistência. Foram fornecidas dietas experimentais compostas por cinco níveis de óleo de soja no concentrado (controle, 6, 12, 18 e 24%. Foram utilizados 20 equinos da raça Árabe, peso médio de 400 kg, submetidos a teste de resistência de 80 km em esteira rolante, em Laboratório de Fisiologia do Exercício. A simulação de enduro foi dividida em quatro fases de 20 km cada. Observou-se efeito (p The aim of this study was to verify the effect of increasing soybean oil levels and training on the enzyme activity of Aspartate Aminotransferase (AST and Creatine kinase (CK as indicative of muscle work. Experimental diets were composed by five soy oil levels in the concentrate (control- no oil, 6, 12, 18 and 24%. Twenty Arabian horses, male and female, average weight of 400 kg were submitted to an 80-km endurance race in a treadmill. The treadmill experiment was conducted in the Exercise Physiology Laboratory. The endurance simulation was divided in 4 phases of 20 km each. The effect (p < 0.05 of soybean oil addition and run distance for CK and AST variables during the effort test and also in the recovering time were observed. It was concluded that soybean oil presents a beneficial effect on muscle work, as it decreases the activity of AST and CK enzymes in diets with more of 6% of soybean oil in the concentrate. The elevated value showed was not necessarily linked to muscle pathology presence. Each animal must be analyzed individually, based on its corresponding basal enzymatic activity.

  9. Efeito da oferta dietética de proteína sobre o ganho muscular, balanço nitrogenado e cinética da 15N-glicina de atletas em treinamento de musculação Effect of the dietary protein intake on the muscular gain, nitrogen balance and 15N-glycine kinetics of athletes in resistance training

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nailza Maestá

    2008-06-01

    Full Text Available O efeito da oferta crescente de proteína sobre o ganho muscular, balanço nitrogenado e cinética da 15N-glicina de atletas de musculação foi estudado em seis jovens saudáveis, praticantes de treinamento com pesos (> 2 anos, sem uso de anabolizantes e concordes com os princípios éticos da pesquisa. Todos receberam adequações dietéticas (0,88g de proteína/kg/dia pré-experimento de 2 semanas (D1 após o que se ofereceu, por idêntico período, dieta contendo 1,5g de proteína/kg de peso corporal/dia com 30kcal/g de proteína (dieta D2. A seguir receberam, nas próximas 2 semanas, a dieta D3, contendo 2,5g de proteína/kg de peso corporal/dia e 30 kcal/g proteína. As avaliações antropométricas, alimentares, biquímicas, balanço nitrogenado (BN e cinética com 15N-glicina foram realizadas no início do estudo, pós D1 (M0 e no último dia das dietas D2 (M1 e D3 (M2. Ao final do estudo (4 semanas houve aumento significativo na massa muscular (1,63±0,9kg, sem diferença entre D2 e D3. O BN acompanhou o consumo protéico/energético (M0 = -7,8g/dia; M1 = 5,6g/dia e M2 = 16,6g/dia e a síntese protéica acompanhou o BN, com significância estatística (pThe effect of increased protein intake on the muscle mass gain, nitrogen balance and 15N-glycine kinetics was studied in six young, healthy subjects practitioners of strength training (> 2 years, without use of anabolic steroids and in agreement with the ethical principles of the research. All athletes received adequate diet (0.88g protein/kg/day during 2 weeks prior the study (D1, and thereafter with diet providing 1.5g of protein/kg/day and 30kcal/g of protein (D2 diet for the subsequent 2 weeks. Later on, they all received diet with 2.5g of protein/kg/day (D3 diet and 30 kcal/g protein for the last two weeks. Body composition, food intake, blood biochemistry, nitrogen balance (NB and 15N-glycine kinetics were determined at the beginning, after D1 (M0 and in the last days of the D2 (M1

  10. Doenças neuromusculares Neuromuscular disorders

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Umbertina C. Reed

    2002-08-01

    Full Text Available Objetivo: apresentar os dados essenciais para o diagnóstico diferencial entre as principais doenças neuromusculares, denominação genérica sob a qual agrupam-se diferentes afecções, decorrentes do acometimento primário da unidade motora (motoneurônio medular, raiz nervosa, nervo periférico, junção mioneural e músculo. Fontes dos dados: os aspectos clínicos fundamentais para estabelecer o diagnóstico diferencial entre as diferentes doenças neuromusculares, bem como entre estas e as causas de hipotonia muscular secundária ao comprometimento do sistema nervoso central ou a doenças sistêmicas não-neurológicas, são enfatizados, com base na experiência clínica vinda do atendimento a crianças com doenças neuromusculares durante os últimos 12 anos, no ambulatório de doenças neuromusculares do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina, da Universidade de São Paulo. A revisão bibliográfica foi efetuada através do Medline e do periódico Neuromuscular Disorders, publicação oficial da World Muscle Society. Síntese dos dados: nas crianças, a maior parte destas afecções é geneticamente determinada, sendo as mais comuns a distrofia muscular progressiva ligada ao sexo, de Duchenne, a amiotrofia espinal infantil, a distrofia muscular congênita, a distrofia miotônica de Steinert, e as miopatias congênitas, estruturais e não estruturais. Polineuropatias hereditárias, síndrome miastênica congênita e miopatias metabólicas são menos comuns, porém mostram correlação geno-fenotípica cada vez mais precisa. Conclusões: na década passada, inúmeros avanços da genética molecular facilitaram imensamente o diagnóstico e o aconselhamento genético das doenças neuromusculares mais comuns das crianças, inclusive possibilitando diagnóstico fetal e, adicionalmente, vieram permitir melhor caracterização fenotípica e classificação mais objetiva.Objective: to discuss the most important aspects for performing a

  11. Neuromuscular complications of thyrotoxicosis.

    Science.gov (United States)

    Kung, Annie W C

    2007-11-01

    Thyroid hormones exert multiple effects on the neuromuscular system and the brain, with the most important being their role in stimulating the development and differentiation of the neuromuscular system and brain in foetal and neonatal life. In the presence of hyperthyroidism, muscular and neurological symptoms may be the presenting clinical features of the disease. The frequency and severity of neuromuscular complications vary considerably and are probably related to the degree of hyperthyroidism, although in some patients the neuromuscular dysfunction is caused by associated disorders rather than by hyperthyroidism per se. This update focuses on the most common neurological and muscular disorders that occur in patients with thyrotoxicosis. It is beyond the scope of this paper to discuss thyroid eye disease and cardiac complications, in themselves separate complications of specific myocytes.

  12. O uso de software no treinamento auditivo em crianças: revisão teórica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ândrea de Melo

    2015-12-01

    Full Text Available RESUMO: O distúrbio do processamento auditivo refere-se incapacidade do sistema auditivo central em captar e interpretar as informações sonoras oriundas do ambiente externo. Para minimizar ou sanar os efeitos deste distúrbio no cotidiano dos sujeitos, é indicado terapia com treinamento auditivo. O objetivo deste estudo foi apresentar uma revisão de literatura sobre o uso de software no treinamento de habilidades auditivas em crianças. Como estratégia de pesquisa realizou-se busca em bases de dados: Scientific Eletronic Library Online (SCIELO, Sistema da Literatura Latino-Americana em Ciências da Saúde (LILACS, National Library of Medicine (MEDLINE e PUBMED e Índice Bibliográfico Espanhol de Ciência da Saúde (IBECS considerando estudos publicados em 2008 a 2014, utilizando as palavras-chave: percepção auditiva; estimulação acústica; software; crianças. Para inclusão, os artigos deveriam possuir publicação posterior a 2008 e treinamento auditivo computadorizado como forma de intervenção terapêutica em crianças, independente da patologia e/ou distúrbio envolvida, idioma em inglês português ou espanhol. Nos estudos realizados nos últimos seis anos, o uso de software no treinamento auditivo em crianças tem se mostrado uma ferramenta eficaz. Os artigos analisados mostraram que o uso de programas computadorizado permite engajamento e motivação, além da reabilitação das habilidades auditivas alteradas.

  13. Efeitos do treinamento auditivo em idosos com Comprometimento Cognitivo Leve

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata Rezende de Almeida Ávila

    2014-01-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Pesquisas demonstram a existência do Transtorno do Processamento Auditivo em indivíduos com Comprometimento Cognitivo Leve. OBJETIVO: Verificar os efeitos de um treinamento auditivo, em indivíduos com comprometimento cognitivo leve. MÉTODOS: Participaram 25 indivíduos, com idades entre 69 e 91 anos e diagnóstico de Comprometimento Cognitivo Leve, sendo que, 10 receberam treinamento auditivo (grupo estudo, 10 receberam treinamento visual (grupo alternativo e cinco não receberam intervenção (grupo controle. Testes cognitivos e de processamento auditivo foram aplicados antes e após os treinamentos. RESULTADOS: Apenas o grupo estudo apresentou melhora significante para todas as habilidades auditivas testadas, mas com piora do desempenho para as habilidades cognitivas. CONCLUSÃO: O treinamento auditivo foi efetivo em relação às habilidades auditivas, mas não em relação às habilidades cognitivas.

  14. Treinamento de marcha, cardiorrespiratório e muscular após acidente vascular encefálico: estratégias, dosagens e desfechos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Angélica Cristiane Ovando

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Um número crescente de programas de treinamento com resultados positivos tem sido proposto para a reabilitação de pacientes com sequelas motoras após acidente vascular encefálico (AVE. No entanto, observa-se que muitos não oferecem recomendações no que diz respeito a indicações para técnicas e procedimentos específicos. OBJETIVO: Revisar a literatura pertinente sobre programas de treinamento envolvendo marcha, condicionamento cardiorrespiratório e fortalecimento muscular de membros inferiores em pacientes portadores de hemiparesia por sequela de AVE, e descrever a eficácia, limitações e efeitos desses programas na recuperação cardiovascular, funcional e motora dessa população. MÉTODO: Foi realizada uma busca por ensaios clínicos, trabalhos pré-experimentais, meta-análises e revisões de literatura que abordassem os temas treinamento físico, fortalecimento muscular, treinamento de marcha e programas de exercícios para membros inferiores após AVE. RESULTADOS: Foram encontrados 27 artigos relatando diversos protocolos de treinamento (marcha, treinamento cardiovascular, fortalecimento muscular, entre outros e seus efeitos no sistema cardiovascular, músculo-esquelético e sobre o status funcional em indivíduos portadores de hemiparesia após AVE. CONCLUSÃO: Praticamente todas as intervenções relatam resultados positivos em termos de ganhos funcionais, além de efeitos específicos de acordo com o tipo de treinamento. No entanto, as diferenças metodológicas, a carência de grupo controle em alguns estudos, a variabilidade da população estudada e os critérios de análise nem sempre permitem a recomendação segura de procedimentos específicos na prática clínica.

  15. Hereditary neuromuscular diseases

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Oezsarlak, O. E-mail: ozkan.ozsarlak@uza.be; Schepens, E.; Parizel, P.M.; Goethem, J.W. van; Vanhoenacker, F.; Schepper, A.M. de; Martin, J.J

    2001-12-01

    This article presents the actual classification of neuromuscular diseases based on present expansion of our knowledge and understanding due to genetic developments. It summarizes the genetic and clinical presentations of each disorder together with CT findings, which we studied in a large group of patients with neuromuscular diseases. The muscular dystrophies as the largest and most common group of hereditary muscle diseases will be highlighted by giving detailed information about the role of CT and MRI in the differential diagnosis. The radiological features of neuromuscular diseases are atrophy, hypertrophy, pseudohypertrophy and fatty infiltration of muscles on a selective basis. Although the patterns and distribution of involvement are characteristic in some of the diseases, the definition of the type of disease based on CT scan only is not always possible.

  16. Avaliação de treinamentos a distância: relações entre estratégias de aprendizagem e satisfação com o treinamento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gardênia da Silva Abbad

    2010-04-01

    Full Text Available Estudos sobre a capacidade de os alunos gerirem seus próprios processos de aprendizagem tornam-se necessários à medida que as tecnologias da informação e comunicação são inseridas no campo do treinamento organizacional e transferem para os estudantes as responsabilidades anteriormente atribuídas aos professores. Este artigo, assim, analisa as relações entre estratégias de aprendizagem e satisfação com treinamentos. Realizada em uma organização pública, esta pesquisa abarcou 216 participantes de cinco cursos realizados a distância. Os dados coletados por meio de questionários aplicados no último dia de curso evidenciaram padrões de associação entre determinadas estratégias cognitivas de aprendizagem e satisfação com o desempenho da tutoria, com os procedimentos e os resultados e com a interface gráfica do curso. Apesar de não haver indícios sobre a direção dessas associações, especula-se que cursos adequadamente programados e que contem com tutoria ativa conduzem ao uso de estratégias úteis ao armazenamento, à recuperação e à utilização de informações.

  17. Inibição da Na+/K+ATPase pelo derivado esteróide auabaína: Implicações sobre o ciclo de vesículas sinápticas em junção neuromuscular.

    OpenAIRE

    Ernani Aloysio Amaral

    2006-01-01

    Ouabaína é um derivado esteróide cardiotônico e inibidor específico da Na+K+-ATPase. Neste trabalho, os efeitos da ouabaína sobre o ciclo de vesículas sinápticas na junção neuromuscular de rã foram investigados de forma direta e dinâmica utilizando-se a sonda fluorescente FM1-43. Este marcador consiste em uma molécula anfipática com uma cauda hidrofóbica que promove a ligação da sonda à membrana do terminal axonal. Após um estímulo despolarizante, a membrana marcada com FM1-43 é internalizada...

  18. Avaliação da influência do treinamento resistido de força em idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro de Paula Leite Aguiar

    2015-02-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi avaliar as modificações morfofuncionais perante a aplicação de sobrecargas sobre o organismo, através do emprego de um programa de treinamento resistido direcionado a idosos, e a influência deste sobre suas vidas. Através dos achados analisados, podemos inferir que a proposta metodológica usada proporcionou uma melhora na força no teste de esforço em uma repetição máxima (1RM no exercício supino reto, no teste de agachamento com o peso corporal executado durante 1 minuto, ocorrendo também alterações morfológicas expressivas.  

  19. Análise da suplementação de carboidratos e solução isotônica sobre parâmetros hematológicos e bioquímicos de jogadores profissionais de futebol em condições reais de treinamento El análisis de los suplementos de hidratos de carbono en solución isotónica y parámetros hematológicos y bioquímicos de jugadores profesionales de fútbol en entrenamiento real Analysis of carbohydrate supplementation and isotonic solution hematological and biochemical parameters on professional soccer players in real training

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciano de Oliveira Siqueira

    2012-12-01

    Full Text Available Avaliou-se o efeito de uma suplementação com carboidratos e bebidas esportivas sobre parâmetros laboratoriais em atletas de futebol de campo, em uma situação real de treinamento. Foram coletados 10 ml de sangue venoso e 50 ml de urina em repouso e 15 minutos após treinamento. Os resultados mostram que o exercício intenso causou um variável grau de estase urinária, bem como provocou alterações hidroeletrolíticas caracterizadas por uma diminuição na concentração sérica de sódio, potássio, magnésio, fósforo e glicose (pSe evaluó el efecto de la suplementación con una bebida deportiva con carbohidratos y los parámetros de laboratorio en los atletas en el campo de fútbol, en un entrenamiento real. Se recogieron 10 ml de sangre venosa y 50 ml de orina en reposo y 15 minutos después del entrenamiento. Los resultados muestran que el ejercicio intenso causado un grado variable de la estasis urinaria y los cambios de electrolitos causados por una marcada disminución de niveles séricos de sodio, potasio, magnesio, fósforo y glucosa (p The aim of this study was evaluate the effect of supplementation with carbohydrate sports drinks and laboratory parameters in athletes on the football field, in a real training. 10 ml of venous blood and 50 ml of urine were collected at rest and 15 minutes after training. The results show that intense exercise caused a variable degree of urinary stasis and electrolyte changes caused by a marked decrease in serum sodium, potassium, magnesium, phosphorus and glucose (p <0.05, which was not modified by any type of supplementation protocol under the conditions proposed in this study. The proposed electrolyte supplementation was shown to be limited to prevent electrolyte variations and that the recovery must be evaluated in light of an environmental and training context.

  20. [Characteristics of neuromuscular scoliosis].

    Science.gov (United States)

    Putzier, M; Groß, C; Zahn, R K; Pumberger, M; Strube, P

    2016-06-01

    Usually, neuromuscular scolioses become clinically symptomatic relatively early and are rapidly progressive even after the end of growth. Without sufficient treatment they lead to a severe reduction of quality of life, to a loss of the ability of walking, standing or sitting as well as to an impairment of the cardiopulmonary system resulting in an increased mortality. Therefore, an intensive interdisciplinary treatment by physio- and ergotherapists, internists, pediatricians, orthotists, and orthopedists is indispensable. In contrast to idiopathic scoliosis the treatment of patients with neuromuscular scoliosis with orthosis is controversially discussed, whereas physiotherapy is established and essential to prevent contractures and to maintain the residual sensorimotor function.Frequently, the surgical treatment of the scoliosis is indicated. It should be noted that only long-segment posterior correction and fusion of the whole deformity leads to a significant improvement of the quality of life as well as to a prevention of a progression of the scoliosis and the development of junctional problems. The surgical intervention is usually performed before the end of growth. A prolonged delay of surgical intervention does not result in an increased height but only in a deformity progression and is therefore not justifiable. In early onset neuromuscular scolioses guided-growth implants are used to guarantee the adequat development. Because of the high complication rates, further optimization of these implant systems with regard to efficiency and safety have to be addressed in future research.

  1. Efeito da suplementação com ácido linoléico conjugado e do treinamento em natação sobre a composição corporal e os parâmetros bioquímicos de ratos Wistar em crescimento Effect of conjugated linoleic acid supplementation and swimming training on the body composition and biochemical parameters of Wistar pups

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Eduardo de Aquino Junior

    2009-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar os efeitos da suplementação com ácido linoléico conjugado, associada ao treinamento moderado em natação, sobre a composição corporal, o consumo e a eficiência alimentar, a glicemia, o perfil lipídico e o glicogênio muscular e hepático de ratos Wistar. MÉTODOS: Ratos Wistar (30 dias foram divididos em: sedentário, sedentário suplementado, treinado e treinado suplementado. Permaneceram em gaiolas individuais com comida e água ad libitum, temperatura de 23ºC (com variação de1ºC e ciclo claro-escuro de 12 horas, durante 8 semanas. A sessão de natação durou 1 hora e foi realizada três vezes/semana, bem como a suplementação com ácido linoléico conjugado a 2%. Após sacrifício, o plasma, os tecidos adiposos brancos e o marrom, o músculo gastrocnêmio e o fígado foram coletados e pesados. RESULTADOS: A suplementação per se não promoveu modificação na ingestão alimentar e na massa corporal dos animais. Houve aumento na glicemia de jejum (pOBJECTIVE: The objective of this study was to evaluate the effects of conjugated linoleic acid supplementation associated with moderate swimming training on body composition, food efficiency and consumption, blood glucose, lipid profile, and muscle and liver glycogen of Wistar rats. METHODS: Thirty-day old Wistar rats were divided into the following groups: inactive, inactive with 2% conjugated linoleic acid supplementation, active, and active with 2% conjugated linoleic acid supplementation. They remained in individual cages with food and water ad libitum, temperature of 23±1ºC and a light and dark cycle of 12 hours for 8 weeks. The active groups swam for one hour three times per week. The animals were killed and the plasma, white and brown fat tissues, gastrocnemius muscle and liver were collected and weighted. RESULTS: Supplementation per se did not promote food intake or body weight changes in the animals. Fasting glucose (p<0.05 and high density lipoproteins

  2. Resposta renal à maltodextrina e ao treinamento em diferentes intensidades

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cátia Fernandes Leite

    2015-03-01

    Full Text Available O objetivo foi investigar a resposta renal à ingestão de maltodextrina e à natação de padrão aeróbio ou anaeróbio de alta intensidade em ratos. Materiais e métodos O protocolo consistiu de oito semanas de natação em padrão aeróbio (sobrecarga 5% ou intermitente (sobrecarga 10%. Durante 37 dias os animais foram suplementados, por meio de gavagem, com uma dose diária de 0,48g.Kg−1 de maltodextrina dissolvida em água ou receberam água pura, antes do treinamento. Resultados O treinamento anaeróbio ocasionou aumento nas concentrações de ácido úrico, creatinina e proteínas totais e redução no glicogênio renal. A maltodextrina causou aumento no glicogênio renal. Conclusão A maltodextrina e o treinamento anaeróbio proporcionaram alterações nos parâmetros de função renal em resposta desse órgão a esses estímulos externos.

  3. MRI in neuromuscular disorders

    International Nuclear Information System (INIS)

    Fischmann, Arne

    2014-01-01

    Neuromuscular disorders are caused by damage of the skeletal muscles or supplying nerves, in many cases due to a genetic defect, resulting in progressive disability, loss of ambulation and often a reduced life expectancy. Previously only supportive care and steroids were available as treatments, but several novel therapies are under development or in clinical trial phase. Muscle imaging can detect specific patterns of involvement and facilitate diagnosis and guide genetic testing. Quantitative MRT can be used to monitor disease progression either to monitor treatment or as a surrogate parameter for clinical trails. Novel imaging sequences can provide insights into disease pathology and muscle metabolism. (orig.)

  4. Competência informacional no Portal de Periódicos da Capes: uma análise a partir dos treinamentos de uso

    OpenAIRE

    Fernanda Gomes Almeida

    2014-01-01

    Pesquisa qualitativa que teve por objetivo verificar o impacto dos treinamentos no uso do Portal de Periódicos da Capes no nível da competência informacional dos discentes. Para o desenvolvimento do trabalho, partiu-se de uma revisão de literatura sobre o Portal de Periódicos da Capes e as ações promovidas pela Biblioteca Universitária da UFMG no sentido de promover o desenvolvimento no acesso e uso do Portal de Periódicos da Capes. Em seguida, a pesquisa apresenta como fundamentação teórica ...

  5. A influência do treinamento de força especial explosiva pliométrica para membros inferiores em saltos e velocidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo Alves Gonçalves

    2017-01-01

    Full Text Available O futsal, esporte muito praticado em escolas no Brasil e que se utiliza força explosiva de membros inferiores e a velocidade de seus praticantes. A fim de conseguir melhor rendimento de seus atletas, professores e treinadores de futsal, podem criar métodos de treinamento bastante eficientes para esta determinada modalidade, que enfoquem a força explosiva de membros inferiores e a velocidade, em virtude disso este estudo tem como objetivo verificar a influência do treinamento de força especial explosiva de membros inferiores, em saltos e velocidade, que estão sempre presentes em jogos de futsal. Para realizar o estudo foram utilizados vinte alunos do sexo masculino do Colégio Marista de Ribeirão Preto com idade média de 16  1 ano, que treinam futsal duas vezes na semana. Os vinte indivíduos foram submetidos aos testes de Corrida de 50 Metros, Sargen´t Jump Test Adaptado e o de Salto Longitudinal; após as avaliações os alunos foram subdivididos em dois grupos de dez alunos cada, sendo os grupos A e B. O grupo A foi submetido a oito semanas de treinamento pliométrico com cones, o grupo B não teve nenhum tipo de treinamento físico. Após este período de treinamento os grupos A e B foram reavaliados. Assim conclui pelos resultados apresentados pelo grupo A e grupo B, que o Grupo A, que treinou, obteve uma melhora significativa em relação aos valores obtidos antes do treinamento e sobre o grupo B, que não realizaram nenhum tipo de treinamento físico. Sendo que o grupo B, sem fazer treinamento físico algum, também obteve melhora no seu pós-teste, mas o grupo A teve rendimento superior ao grupo B no pós-teste. ABSTRACT The influence of special explosive plyometric strength training for lower limbs in heels and speed The futsal, sport very practiced at schools in Brazil and that is used explosive force of inferior members and your apprentices' speed. In order to get your athletes' better revenue, teachers and futsal trainers

  6. UM JOGO PARA TREINAMENTO DE OPERADORES DE SONDAS DE PERFURAÇÃO TERRESTRE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Ferdinandy Silva Chagas

    2012-03-01

    Full Text Available No intuito de reduzir a possibilidade de acidentes e falhas no processo de perfuração de poços de petróleo, um treinamento contínuo para os trabalhadores é altamente recomendado. Neste trabalho é proposto um jogo que simula uma plataforma de perfuração. No jogo, os jogadores são expostos a várias circunstancias nas quais eles podem exercitar seu conhecimento sobre seu trabalho e aprender o que fazer em situações adversas. Técnicas de inteligência artificial serão aplicadas ao jogo no intuito de atingir essa funcionalidade. Os recursos da aplicação incluem interação instantânea entre vários jogadores em ambiente virtual 3D. Ela é uma aplicação baseada na web, que permite jogadores remotamente executá-la em diferentes plataformas.

  7. EFEITOS DO TREINAMENTO EM JOGOS REDUZIDOS COM INFERIORIDADE NUMÉRICA NO FUTEBOL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Victor Hugo de Siqueira Montalvão

    Full Text Available RESUMO Introdução: Os jogos reduzidos são altamente eficientes, pois permitem a simulação de movimentos que ocorrem durante uma partida e geram melhor resposta fisiológica, perceptiva e técnico-tática. Objetivo: Comparar os efeitos do treinamento de jogos reduzidos com inferioridade numérica 3 vs. 4 e 4 vs. 5 sobre a variação da frequência cardíaca, percepção subjetiva de esforço e teste de atenção concentrada em atletas de futebol. Métodos: A amostra foi composta por 10 indivíduos do sexo masculino, com idade entre 17 e 24 anos. Para análise da frequência cardíaca média e máxima durante os jogos com campo reduzido e o coletivo foram utilizados monitores de frequência cardíaca e, para determinar a percepção subjetiva de esforço, utilizou-se de uma adaptação da escala de Borg. Também foi usado o teste de atenção concentrada. Resultados: Os resultados demonstram que os métodos de treino apresentam diferenças no teste de atenção concentrada (p < 0,004. A frequência cardíaca média (p < 0,121, máxima (p < 0,404 e a percepção de esforço (p < 0,639 não apresentam diferenças entre os métodos de treinamento. Conclusão: Concluímos que os jogos reduzidos com inferioridade numérica melhoram os resultados do teste de atenção concentrada.

  8. Treinamento resistido progressivo nas doenças musculoesqueléticas crônicas

    OpenAIRE

    Jorge,Renata Trajano; Souza,Marcelo Cardoso de; Jones,Anamaria; Lombardi Júnior,Império; Jennings,Fábio; Natour,Jamil

    2009-01-01

    INTRODUÇÃO: O treinamento resistido progressivo tem sido sugerido como uma modalidade terapêutica que tenta promover uma padronização da prescrição de exercícios em fisioterapia, além de otimizar os resultados da terapia. OBJETIVO: Revisar os estudos que utilizaram o treinamento resistido progressivo em doenças musculoesqueléticas crônicas e demonstrar a importância da inclusão deste tipo de treinamento na reabilitação destas doenças. FONTE DE DADOS: A pesquisa foi realizada através dos banco...

  9. Desempenho organizacional e suas relações com competências gerenciais, suporte organizacional e treinamento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hugo Pena Brandão

    2012-12-01

    Full Text Available Na pesquisa aqui relatada, objetivou-se verificar a existência de relações preditivas entre as competências expressas por gerentes de agências bancárias, a percepção deles sobre o suporte organizacional, o número de horas dedicadas por eles a treinamentos e o desempenho das agências em que atuam. Valeu-se de questionários estruturados para coleta de dados primários, sendo a amostra constituída por 186 gerentes de agências e 77 superintendentes regionais do Banco do Brasil. Utilizaram-se, também, dados secundários sobre o desempenho das agências em seis dimensões: resultado econômico, estratégia e operações, sociedade, clientes, processos e comportamento organizacional. Foram realizadas análises de regressão padrão para teste do modelo de investigação. As competências relativas à gestão estratégica e à gestão financeira revelaram-se preditoras de diferentes dimensões do desempenho das agências. Outras competências (gestão de processos e gestão socioambiental, o número de horas dedicadas a treinamentos e a percepção dos gestores acerca das práticas de gestão de desempenho da empresa (uma dimensão do suporte organizacional apresentaram efeitos menos abrangentes. Depois de isolados os efeitos de variáveis de controle, as variâncias explicadas pelos referidos preditores situaram-se entre 2,2% e 6,8%. Recaiu sobre o desempenho da agência na perspectiva clientes o menor percentual de explicação e sobre o desempenho nas perspectivas resultado econômico e estratégia e operações a maior variância explicada. Ao final, são discutidas implicações dos resultados e apresentadas recomendações práticas.

  10. Neuromuscular disease classification system

    Science.gov (United States)

    Sáez, Aurora; Acha, Begoña; Montero-Sánchez, Adoración; Rivas, Eloy; Escudero, Luis M.; Serrano, Carmen

    2013-06-01

    Diagnosis of neuromuscular diseases is based on subjective visual assessment of biopsies from patients by the pathologist specialist. A system for objective analysis and classification of muscular dystrophies and neurogenic atrophies through muscle biopsy images of fluorescence microscopy is presented. The procedure starts with an accurate segmentation of the muscle fibers using mathematical morphology and a watershed transform. A feature extraction step is carried out in two parts: 24 features that pathologists take into account to diagnose the diseases and 58 structural features that the human eye cannot see, based on the assumption that the biopsy is considered as a graph, where the nodes are represented by each fiber, and two nodes are connected if two fibers are adjacent. A feature selection using sequential forward selection and sequential backward selection methods, a classification using a Fuzzy ARTMAP neural network, and a study of grading the severity are performed on these two sets of features. A database consisting of 91 images was used: 71 images for the training step and 20 as the test. A classification error of 0% was obtained. It is concluded that the addition of features undetectable by the human visual inspection improves the categorization of atrophic patterns.

  11. A influência da motivação nos treinamentos empresariais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gisleine Fregoneze Corrêa

    2009-01-01

    Full Text Available O presente artigo discute a importância da motivação no processo de treinamento empresarial, buscando demonstrar como a motivação que gera a prontidão para aprender pode influenciar o comportamento daqueles que ministram e que recebem o treinamento. Tomando como base as teorias tradicionais de motivação, o presente estudo procura apontar as dificuldades e as soluções para os que trabalham com treinamento empresarial. Palavras-chave: treinamento, motivação, aprendizagem Abstract The present paper dicuss the importance of motivation on business training and shows how motivation which come to know may alter the behavior of trainer and trainee. Taking the traditional theories of motivation as base, the present study examine the problems and possible solutions for those who works with business training. Key-words: training, motivation, learning

  12. Treinamento muscular respiratório em pacientes em desmame da ventilação mecânica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda dos Santos Pascotini

    2014-04-01

    Full Text Available Introdução: A fraqueza da musculatura respiratória é uma das principais causas da dificuldade e/ou insucesso no desmame. Para minimizar os efeitos da ventilação mecânica (VM prolongada, os fisioterapeutas utilizam o treinamento muscular respiratório, sendo o Threshold IMT® o método mais utilizado. Objetivo: Avaliar a eficácia do treinamento muscular respiratório com o uso do aparelho Threshold IMT®, sobre parâmetros respiratórios de pacientes em desmame da VM. Métodos: Os pacientes foram distribuídos aleatoriamente em grupo controle e grupo experimental (GI e GII. Foram avaliados no primeiro dia do início do desmame quanto à força muscular respiratória: Pressão inspiratória máxima/Pressão Expiratória Máxima (PImáx/PEmáx, volume corrente (VC, frequência respiratória (FR e cardíaca (FC. Diariamente, durante sete dias, o GI recebeu três sessões de fisioterapia convencional e o GII realizou, adicionalmente, treinamento muscular respiratório (TMR com o Threshold IMT®, uma vez ao dia, no período da tarde, conectado à traqueostomia, sendo três séries de dez repetições com carga de 20% da PImáx. Os dados foram tratados estatisticamente, adotando-se o nível de significância α=0,05. Resultados: Observou-se aumento (p=0,02 na FR e redução da PImáx (p=0,04 no GI, demonstrando aumento do trabalho respiratório e perda de força muscular entre o primeiro e sétimo dia de desmame. No GII, as variáveis não sofreram alterações significativas, observando-se a manutenção da função respiratória. Conclusão: Sendo assim, o TMR foi benéfico, garantindo a manutenção dos parâmetros respiratórios, podendo ser um aliado para o desmame.

  13. Treinamento resistido na Educação Física Escolar: uma proposta de ensino

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Cruz Lima

    2014-12-01

    Full Text Available Objetivo: buscar na literatura, estudos e evidencias científicas que comprovassem ou refutassem a efetividade do Treinamento Resistido na educação Física Escolar, para o desenvolvimento da força muscular dos adolescentes. Esclarecer os mitos e verdades, mostrar a importância do treinamento resistido frente à Educação Física Escolar e apresentar uma proposta de ensino, oferecendo ao professor de Educação Física reais possibilidades de ministrar esse conteúdo em suas aulas. Método: pesquisa de caráter qualitativo, do tipo bibliográfico e utilizado o método comparativo entre os estudos buscados nas bases de dados Portal de Periódicos CAPES, Scielo, Portal de Pesquisa da Bvs, Google Acadêmico, e MedLine. Os buscadores da pesquisa foram: treinamento, treinamento de força, treinamento resistido, treinamento com pesos, adolescente, criança, educação física, saúde, maturação sexual e força muscular. Resultados: foram encontrados 20 artigos que foram revisados para o presente estudo. Considerações finais: o treinamento resistido em crianças e adolescentes é benéfico, quando aplicados corretamente, respeitando a individualidade biológica e a maturação do discente. Os malefícios provenientes da aplicação do treinamento de força surgem do exagero do treinamento levado a níveis profissionais e intensos nos jovens discentes e da má alimentação combinada à ingestão de anabólicos. O profissional de Educação Física deve estar atento ao nível de desenvolvimento dos jovens antes de prescrever o treinamento de força. Esta revisão pode auxiliar profissionais da Educação Física a implantar treinamentos de força em crianças e adolescentes visto que traz inúmeros benefícios à saúde, além do ganho da força muscular.

  14. Análise do treinamento proprioceptivo no equilíbrio de atletas de futsal feminino

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fábio Oliveira Baldaço

    Full Text Available OBJETIVO: O objetivo deste trabalho foi avaliar a eficiência de um protocolo de exercícios proprioceptivos no equilíbrio de atletas de futsal feminino. METODOLOGIA: A amostra foi composta por cinco atletas do time de futsal da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM. Os treinamentos ocorreram três vezes por semana, durante um mês. As atletas foram avaliadas pré e pós-treinamento em uma plataforma de força no Laboratório de Biomecânica do Centro de Educação Física e Desportos da UFSM. RESULTADOS: Os resultados mostraram uma redução estatisticamente significativa na média e na amplitude do centro de pressão pré e pós-intervenção, na direção médio-lateral e condição olhos fechados, o que demonstra que houve maior controle do equilíbrio corporal na posição e condição solicitada. Não foram encontradas diferenças estatisticamente significativas nas variáveis do centro depressão na condição olhos abertos. Acredita-se que esse resultado esteja relacionado à dominância da aferência visual sobre a proprioceptiva, que pode ter interferido na avaliação das alterações proprioceptivas. CONCLUSÃO: O protocolo de propriocepção sugerido demonstrou maior controle de equilíbrio postural nas condições e na amostra avaliada.

  15. Treinamento físico para indivíduos HIV positivo submetidos à HAART: efeitos sobre parâmetros antropométricos e funcionais Physical training for HIV positive individuals submitted to HAART: effects on anthropometric and functional parameters

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edmar Lacerda Mendes

    2013-02-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A terapia antirretroviral fortemente ativa (HAART tem melhorado a prognose em indivíduos infectados pelo HIV. No entanto, a HAART tem sido associada ao desenvolvimento de anormalidades metabólicas e na distribuição de gordura corporal conhecida como síndrome lipodistrófica associada ao HIV (SLHIV. OBJETIVO: Este estudo investigou o impacto de 24 semanas de exercício resistido com componente aeróbico (ERCA sobre parâmetros antropométricos e funcionais de portadores de HIV submetidos à HAART. MÉTODOS: Noventa e nove indivíduos infectados pelo HIV foram randomicamente alocados em quatro grupos: exercício e lipodistrofia (n = 24; EX+LIP; exercício sem lipodistrofia (n = 21; EX+NoLIP; controle e lipodistrofia (n = 27; NoEX+LIP; controle sem lipodistrofia (n = 27; NoEX+NoLIP. Os indivíduos dos grupos exercitados (EX+LIP e EX+NoLIP participaram de 24 semanas de ERCA. Nos momentos pré e pós 24 semanas de intervenção foram realizadas medidas antropométricas, testes de força e aptidão cardiorrespiratória. RESULTADOS: Vinte e quatro semanas de ERCA alteraram os perímetros corporais avaliados (P INTRODUCTION: The use of highly active antiretroviral therapy (HAART has improved the prognosis of HIV-infected individuals. However, HAART has been associated with the development of metabolic and fat distribution abnormalities, known as HIV-associated lipodystrophy syndrome (SLHIV. OBJECTIVE: This study investigated the impact of 24 weeks of resistance exercise with aerobic component (REAC on anthropometric and functional parameters in HIV-infected patients undergoing HAART. METHODS: Ninety- nine HIV-infected patients were randomly allocated into four groups: exercise and lipodystrophy (n = 24; EX + LIP; exercise without lipodystrophy (n = 21; EX + NoLIP; control and lipodystrophy (n = 27; NoEX + LIP; control without lipodystrophy (n = 27; NoEX + NoLIP. Subjects from exercised groups (EX+LIP and EX+NoLIP participated in a 24

  16. Neuromuscular control and ankle instability.

    Science.gov (United States)

    Gutierrez, Gregory M; Kaminski, Thomas W; Douex, Al T

    2009-04-01

    Lateral ankle sprains (LAS) are common injuries in athletics and daily activity. Although most are resolved with conservative treatment, others develop chronic ankle instability (AI)-a condition associated with persistent pain, weakness, and instability-both mechanical (such as ligamentous laxity) and functional (neuromuscular impairment with or without mechanical laxity). The predominant theory in AI is one of articular deafferentation from the injury, affecting closed-loop (feedback/reflexive) neuromuscular control, but recent research has called that theory into question. A considerable amount of attention has been directed toward understanding the underlying causes of this pathology; however, little is known concerning the neuromuscular mechanisms behind the development of AI. The purpose of this review is to summarize the available literature on neuromuscular control in uninjured individuals and individuals with AI. Based on available research and reasonable speculation, it seems that open-loop (feedforward/anticipatory) neuromuscular control may be more important for the maintenance of dynamic joint stability than closed-loop control systems that rely primarily on proprioception. Therefore, incorporating perturbation activities into patient rehabilitation schemes may be of some benefit in enhancing these open-loop control mechanisms. Despite the amount of research conducted in this area, analysis of individuals with AI during dynamic conditions is limited. Future work should aim to evaluate dynamic perturbations in individuals with AI, as well as subjects who have a history of at least one LAS and never experienced recurrent symptoms. These potential findings may help elucidate some compensatory mechanisms, or more appropriate neuromuscular control strategies after an LAS event, thus laying the groundwork for future intervention studies that can attempt to reduce the incidence and severity of acute and chronic lateral ankle injury.

  17. Neuromuscular ultrasound of cranial nerves.

    Science.gov (United States)

    Tawfik, Eman A; Walker, Francis O; Cartwright, Michael S

    2015-04-01

    Ultrasound of cranial nerves is a novel subdomain of neuromuscular ultrasound (NMUS) which may provide additional value in the assessment of cranial nerves in different neuromuscular disorders. Whilst NMUS of peripheral nerves has been studied, NMUS of cranial nerves is considered in its initial stage of research, thus, there is a need to summarize the research results achieved to date. Detailed scanning protocols, which assist in mastery of the techniques, are briefly mentioned in the few reference textbooks available in the field. This review article focuses on ultrasound scanning techniques of the 4 accessible cranial nerves: optic, facial, vagus and spinal accessory nerves. The relevant literatures and potential future applications are discussed.

  18. Intensidades de treinamento resistido e pressão arterial de idosas hipertensas - um estudo piloto Resistance training intensities and blood pressure of hypertensive older women - a pilot study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eline Silva da Cunha

    2012-12-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Observa-se que a literatura apresenta uma lacuna acerca da intensidade ideal de treinamento resistido para idosos hipertensos, os poucos estudos existentes utilizam treinamentos com diferentes intensidades. OBJETIVO: Verificar o efeito de duas intensidades de treinamento resistido sobre a pressão arterial de idosas hipertensas controladas. Métodos: Dezesseis idosas hipertensas, controladas por medicação anti-hipertensiva, foram divididas em dois grupos através de sorteio. Nove pacientes foram submetidas a treinamento resistido moderado (G1 e sete, a treinamento resistido leve (G2. As pacientes realizaram oito semanas de treinamento resistido, com frequência de três vezes por semana em dias alternados, no período vespertino. Os exercícios realizados foram respectivamente: leg press, supino reto, extensão de joelhos, puxada frontal, flexão de joelhos, abdução de ombro, abdução unilateral de quadril com cross over e rosca direta com barra. RESULTADOS: As pacientes do G1 apresentaram redução tanto nos valores de repouso da pressão arterial diastólica (PAD p BACKGROUND: The optimum intensity of resistance training for hypertensive elderly has not been studied yet and the few studies in the literature used training with distinct intensities. Objective: To verify the effect of two resistance training intensities on blood pressure (BP of elderly women with controlled hypertension. METHODS: Sixteen older women with hypertension controlled by anti-hypertensive drug were randomly divided into two groups. Nine patients were submitted to moderate resistance training (G1 and seven patients were submitted to mild resistance training (G2. The patients underwent eight weeks of resistance training, with frequency of three times per week on alternate days in the afternoon. The exercises performed were: leg press, bench press, knee extension, lat pull-down, knee flexion, shoulder abduction, standing cable hip abduction and biceps

  19. Efeitos da estimulação elétrica neuromuscular sobre o membro posterior imobilizado de ratos durante 15 dias: análises metabólicas e morfométricas Effects of neuromuscular electrical stimulation on rat hind limbs immobilized for 15 days: metabolic and morphometric analyses

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    JLQ Durigan

    2006-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o efeito da estimulação elétrica (EE sobre o perfil metabólico e morfométrico dos músculos do membro posterior de ratos submetidos à imobilização durante 15 dias. MÉTODO: Ratos Wistar foram divididos em 3 grupos (n=5: controle, imobilizado por 15 dias e imobilizado associado à EE por 15 dias. Foram avaliados: reserva de glicogênio (RG dos músculos sóleo (S, extensor longo dos dedos (ELD, gastrocnêmio branco (GB, gastrocnêmio vermelho (GV e tibial anterior (TA, além do peso do sóleo, área das fibras e tecido conjuntivo do S. A análise estatística foi feita pelos testes ANOVA e Kruskal-Wallis (pOBJECTIVE: To evaluate the effect of electrical stimulation on the metabolic and morphometric profile of rat hind limb muscles subjected to immobilization for 15 days. METHOD: Wistar rats were divided into three groups (n=5: control; immobilized for 15 days; and immobilized for 15 days with electrical stimulation. The glycogen reserves of the soleus, extensor digitorum longus (EDL, white gastrocnemius (WG, red gastrocnemius (RG and tibialis anterior (TA muscles were evaluated, along with the weight, fibrous area and conjunctive tissue of the soleus. The statistical analysis was performed using the Anova and Kruskal-Wallis tests (p<0.05. RESULTS: Immobilization promoted significant alterations (p<0.05, such as: reductions in the glycogen reserves (soleus: 44.73%, WG: 47.82%, RG: 46.34%, EDL: 41.66%, TA: 48.38% and in the weight (7.2% and fibrous area (35% of the soleus, and also increased connective tissue density (160%. Electrical stimulation promoted a significant increase (p<0.05 in the glycogen reserves of all the immobilized muscles: (soleus: 90.47%, WG: 62.5%, RG: 95.45%, EDL: 76.19%, TA: 56.25% and in the weight (20.94% and fibrous area (19.65% of the soleus, and also promoted a significant reduction (15.38%, p<0.05 in connective tissue density. CONCLUSION: Electrical stimulation minimized the reduction in

  20. Vocational perspectives and neuromuscular disorders

    NARCIS (Netherlands)

    Andries, F.; Wevers, C. W.; Wintzen, A. R.; Busch, H. F.; Höweler, C. J.; de Jager, A. E.; Padberg, G. W.; de Visser, M.; Wokke, J. H.

    1997-01-01

    The present study analyses the actual occupational situation, vocational handicaps and past labour career of a group of about 1000 Dutch patients suffering from a neuromuscular disorder (NMD). On the basis of the likelihood of a substantial employment history and sufficient numbers of patients, four

  1. Vocational perspectives and neuromuscular disorders

    NARCIS (Netherlands)

    Andries, F; Wevers, CWJ; Wintzen, AR; Busch, HFM; Howeler, CJ; deJager, AEJ; Padberg, GW; deVisser, M; Wokke, JHJ

    The present study analyses the actual occupational situation, vocational handicaps and past labour career of a group of about 1000 Dutch patients suffering from a neuromuscular disorder (NMD). On the basis of the likelihood of a substantial employment history and sufficient numbers of patients, four

  2. Palliative care in neuromuscular diseases

    NARCIS (Netherlands)

    de Visser, Marianne; Oliver, David J.

    2017-01-01

    Purpose of review Palliative care is an approach that improves the quality of life of patients and their families facing the problem associated with life-threatening illness. Neuromuscular disorders (NMDs) are characterized by progressive muscle weakness, leading to pronounced and incapacitating

  3. O efeito facilitatório do óxido nítrico sobre a transmissão neuromuscular de preparações nervo frênico- diafragma isolado de ratos é Ca++ dependente - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v26i4.1528 NO- induced neuromuscular facilitation in the phrenic nerve diaphragm preparation of rats is Ca++ dependent - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v26i4.1528

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Heraldo Esheveria Borges

    2004-04-01

    Full Text Available A pesquisa foi conduzida para verificar se os efeitos neuromusculares induzidos por óxido nítrico (NO poderiam depender dos níveis extracelulares de Ca++. O doador de NO, nitroprussiato de sódio (NPS, e o análogo de GMPc, 8-Br-cGMP, aumentaram a amplitude das contrações musculares (ACM em preparações indiretamente estimuladas a 0.2 Hz, mas não produziram efeitos quando a solução nutriente (Krebs normal foi trocada por Krebs com baixo Ca++/ alto Mg++. NPS e 8-Br-cGMP reduziram a ACM quando as preparações foram diretamente estimuladas, mas tal efeito não foi observado com o uso de Krebs com baixo Ca++/ alto Mg++. Dados sugerem que os efeitos neuromusculares induzidos por NO dependem dos níveis extracelulares de Ca++The research was carried out to verify whether the neuromuscular effects induced by nitric oxide (NO might depend on extracellular level of Ca++. The donor of NO, sodium nitroprusside (SNP, and the analogue of cGMP, 8-Br-cGMP, increased the muscular contraction amplitude (MCA in preparations indirectly stimulated at 0.2 Hz, but did not produce any effect when the nutrient solution was exchanged by Krebs buffer low Ca++/ high Mg++. SNP and 8-Br-cGMP reduced the MCA in preparations directly stimulated. Such effect was not recorded in Krebs buffer low Ca++/ high Mg++. Data suggest that the neuromuscular effects induced by NO or cGMP depend on extracellular level of Ca++

  4. O Treinamento de Clientes e sua Relação com a Intenção de Uso do Internet Banking

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos Paulo Albarello Friedrich

    2016-12-01

    Full Text Available O número de usuários do internet banking no Brasil cresceu muito rápido nos últimos anos, alcançando mais de 37 milhões (Febraban, 2013. Esse sistema é uma excelente ferramenta para redução de filas bancárias, porém do total de usuários, somente 20% faz suas transações financeiras pela internet, o restante utiliza apenas para consultas. Partindo desses dados e com intuito de ampliar o uso do sistema, esse estudo busca identificar qual o impacto do treinamento em internet banking sobre a intenção de uso desse sistema mediado pela percepção de risco, pela confiança e pela facilidade de uso percebida. Realizou-se uma pesquisa descritiva/quantitativa com coleta de dados através de questionário online. Os resultados apresentaram valores significativos para ambas as variáveis mediadoras e permitiu inferir-se que o treinamento em internet banking amplia a intenção de uso de maneira indireta, através da redução da percepção de risco e do aumento da facilidade de uso percebida e da confiança.

  5. Efeitos do treinamento e de uma prova de triathlon em indicadores de lesão muscular e inflamação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Enrico Fuini Puggina

    2016-06-01

    Full Text Available Resumo Com o objetivo de verificar a dinâmica de marcadores de lesões musculares e da resposta inflamatória aguda produzidas pelo treinamento e por uma prova de meio ironman em atletas de triathlon durante 12 semanas de treinamento, no presente estudo foram avaliadas as alterações musculares e inflamatórias produzidas pelo treinamento e por um meio-ironman em 12 atletas. Amostras de sangue foram coletadas no início do programa de treinamento (M-1, após 10 semanas de preparação (M-2 e após a competição (M-3. Foram avaliadas as atividades da creatina quinase (CK, lactato desidrogenase (LDH, concentração de IL-6, IL-10, proteína C reativa (PCR e cortisol (C. Foram detectados aumentos em M-3 para a CK (M-1 = 22,25 ± 36,08 UI/L, M-2 = 20,80 ± 42,82 e M-3 = 234,5 ± 135,59 UI/L, LDH (41,71 ± 18,98 U/L, 19,87 ± 16,17 e 191 ± 102,47, PCR (8,42 ± 4,13 mg/L, 5,77 ± 3,54 e 7,62 ± 4,87, IL-6 (77,09 ± 27,86 pg/mL, 93,39 ± 65,2 e 228,48 ± 97,61, IL-10 (88,49 ± 26,36 pg/mL, 89,56 ± 37,99 e 193,31 ± 92,77 e C (14,6 ± 5,92 µg/mL, 23,96 ± 6,44 e 37,47 ± 3,58. A partir desses resultados, conclui-se que os atletas apresentaram aumento dos indicadores de lesões musculares e inflamação apenas após a competição, o que ilustra o efeito agudo dessa prova sobre o organismo desses atletas.

  6. Effectiveness of Neuromuscular Training Based on the Neuromuscular Risk Profile.

    Science.gov (United States)

    Hewett, Timothy E; Ford, Kevin R; Xu, Yingying Y; Khoury, Jane; Myer, Gregory D

    2017-07-01

    The effects of targeted neuromuscular training (TNMT) on movement biomechanics associated with the risk of anterior cruciate ligament (ACL) injuries are currently unknown. Purpose/Hypotheses: To determine the effectiveness of TNMT specifically designed to increase trunk control and hip strength. The hypotheses were that (1) TNMT would decrease biomechanical and neuromuscular factors related to an increased ACL injury risk and (2) TNMT would decrease these biomechanical and neuromuscular factors to a greater extent in athletes identified as being at a high risk for future ACL injuries. Controlled laboratory study. Female athletes who participated in jumping, cutting, and pivoting sports underwent 3-dimensional biomechanical testing before the season and after completing TNMT. During testing, athletes performed 3 different types of tasks: (1) drop vertical jump, (2) single-leg drop, and (3) single-leg cross drop. Analysis of covariance was used to examine the treatment effects of TNMT designed to enhance core and hip strength on biomechanical and neuromuscular characteristics. Differences were also evaluated by risk profile. Differences were considered statistically significant at P risk before the intervention (risk profile III) had a more significant treatment effect of TNMT than low-risk groups (risk profiles I and II). TNMT significantly improved proximal biomechanics, including increased hip external rotation moments and moment impulses, increased peak trunk flexion, and decreased peak trunk extension. TNMT that focuses exclusively on proximal leg and trunk risk factors is not, however, adequate to induce significant changes in frontal-plane knee loading. Biomechanical changes varied across the risk profile groups, with higher risk groups exhibiting greater improvements in their biomechanics.

  7. Creatina e treinamento resistido: efeito na hidratação e massa corporal magra

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Carlos Sales Zanelli

    2015-02-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: a creatina é um recurso ergogênico cuja suplementação tem sido associada ao aumento da hidratação corporal total e ao aumento da massa muscular dos consumidores. Entretanto, estudiosos questionam se o aumento da massa muscular é um ganho real. OBJETIVO: avaliar o efeito da suplementação de creatina sobre a hidratação e o aumento de massa magra em indivíduos previamente treinados e não treinados, submetidos a um programa de treinamento resistido. MÉTODOS: ensaio clínico não randomizado, constituído por três momentos, M1 - Início da suplementação com 20g/dia de creatina; M2 - 7 dias após iniciada a suplementação e redução da suplementação para 5g/dia; M3 - 28 dias de suplementação. Nos momentos propostos, foram realizadas aferições de peso, estatura e avaliação da composição corporal (massa magra, água corporal total com a utilização do BYODINAMICS(r Modelo 310. Para todos os testes estatísticos, foi adotado o nível de significância de 95% (p<0,05. RESULTADOS: participaram desse estudo 14 voluntários adultos do sexo masculino, com idade média de 22,57(±1,45 anos, dos quais sete eram treinados e sete não treinados. Após 28 dias de suplementação, no grupo treinado observou-se um aumento significativo no peso, água corporal total, massa magra e hidratação da massa magra, mas nenhum aumento significativo foi observado no grupo não treinado. Em relação ao ângulo de fase, este aumentou no grupo não treinado e reduziu no grupo treinado. CONCLUSÃO: a suplementação de creatina associada ao treinamento resistido é mais efetiva na hidratação de indivíduos treinados, como também é suficiente para reduzir a diferença significativa do ângulo de fase intergrupos, sugerindo assim, maior hidratação celular em ambos os grupos. Contudo, esse aumento na hidratação não revelou aumento significativo no tecido muscular.

  8. Impacto do treinamento resistido na força e hipertrofia muscular em HIV-soropositivos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ciro José Brito

    2013-06-01

    Full Text Available O presente estudo investigou o efeito de 24 semanas de treinamento resistido (TR sobre a força e hipertrofia muscular de pacientes HIV-soropositivos. Participaram deste estudo 45 voluntários submetidos à terapia antirretroviral fortemente ativa (HAART, destes, 23 realizaram 3 sessões semanais, com 10 repetições a 80% 1RM. O teste de 1RM foi realizado de acordo com a metodologia proposta por Kraemer e Fry (1995, para estimativa da hipertrofia muscular adotou-se as equações de Frisancho (1984. Em comparação aos valores, o TR melhorou a força de 1RM nos exercícios de agachamento em 49% (21,0±4,9 vs. 31,2±5,1; P=0,001, supino reto em 13% (34,3±8,1 vs. 39,8±9,4; P=0,04, cadeira extensora em 34,1% (26,3±7,1 vs. 37,1±6,6; P=0,01, tríceps em 51% (22,9±4,0 vs. 38,3±4,9; P=0,001, pulley costas em 31,5% (31,7±3,9 vs. 41,7±4,4; P=0,01, cadeira flexora em 37,2% (18,9±3,4 vs. 27,3±3,2; P=0,01 e rosca bíceps em 60% (27,9±6,9 vs. 40,4±4,5; P=0,001. Não foram observadas diferenças (P<0,05 entre os valores basais e finais para o grupo controle. Observou-se aumento significativo (P<0,05 na área muscular do braço isenta de massa óssea, no grupo TR (52,8±14,5 cm² em relação ao controle (39,5±12,4 cm². Ademais, o TR resultou em significativa (P<0,05 redução da glicemia sanguínea de jejum (96,5±18,3 vs. 90,5±12,6, pressão arterial sistólica (126,3±14,3 vs. 120,0±10,0 e circunferência de cintura (83,0±12,5 vs. 80,6±10,2. Conclui-se que seis meses de TR resultaram em melhora na força e hipertrofia, ademais, o treinamento aplicado contribuiu para a regulação das variáveis metabólicas dos pacientes. Uma vez que a HAART é inevitável ao HIV-soropositivo, recomenda-se que o exercício físico seja realizado no intuito de dirimir os efeitos colaterais advindos desta terapia.

  9. Efeitos do treinamento de resistência na força muscular e níveis de fadiga em pacientes com câncer de mama Los efectos de los ejercicios de resistencia sobre varios músculos y niveles de fatiga en pacientes con cáncer de mama The effects of resistance training on muscular strength and fatigue levels in breast cancer patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudio Battaglini

    2006-06-01

    Full Text Available Os efeitos de programas generalizados de atividade física no combate ao câncer e aos efeitos colaterais de seu tratamento têm sido amplamente relatados na literatura. O objetivo do presente estudo foi o de examinar os efeitos de um programa de prescrição de exercício físico individualizado, com ênfase no treinamento resistido, na força muscular e nos níveis de fadiga em pacientes portadoras de câncer de mama em tratamento. Vinte mulheres foram divididas aleatoriamente em dois grupos, sendo um experimental (57,5 ± 23,0 anos e um controle (56,6 ± 16,0 anos. O grupo experimental exercitou-se, após a cirurgia, durante 60 minutos, de forma moderada, duas vezes por semana, durante 21 semanas. A força muscular total foi avaliada antes e após o tratamento e os níveis de fadiga foram avaliados em três momentos durante o treinamento. Foram encontradas diferenças significativas na força muscular total entre os grupos após o treinamento (p = 0,025. Os níveis de fadiga diminuíram significativamente entre os grupos após a primeira (p = 0,001 e a segunda (p = 0,005 intervenção e ao final do tratamento (p = 0,001. Os resultados deste estudo sugerem que os exercícios resistidos devem ser incluídos na prescrição de exercícios no combate da fadiga e na melhoria da força muscular em mulheres com câncer de mama, submetidas a tratamento.Los efectos de programas generalizados de actividad física de combate al cáncer y los efectos colaterales de su tratamiento vienen siendo bastante estudiados. El objetivo del presente estudio ha sido el de examinar los efectos de un programa prescrito de ejercicio físico individual, con énfasis en el entrenamiento resistido, en la fuerza muscular y en los niveles de fatiga en pacientes portadoras de cáncer de mama en tratamiento. Veinte mujeres fueron divididas aleatoriamente en dos grupos, siendo uno de ellos el experimental (57,5 ± 23,0 años y el otro de control (56,6 ± 16,0 años. El grupo

  10. [Respiratory treatments in neuromuscular disease].

    Science.gov (United States)

    Martínez Carrasco, C; Cols Roig, M; Salcedo Posadas, A; Sardon Prado, O; Asensio de la Cruz, O; Torrent Vernetta, A

    2014-10-01

    In a previous article, a review was presented of the respiratory pathophysiology of the patient with neuromuscular disease, as well as their clinical evaluation and the major complications causing pulmonary deterioration. This article presents the respiratory treatments required to preserve lung function in neuromuscular disease as long as possible, as well as in special situations (respiratory infections, spinal curvature surgery, etc.). Special emphasis is made on the use of non-invasive ventilation, which is changing the natural history of many of these diseases. The increase in survival and life expectancy of these children means that they can continue their clinical care in adult units. The transition from pediatric care must be an active, timely and progressive process. It may be slightly stressful for the patient before the adaptation to this new environment, with multidisciplinary care always being maintained. Copyright © 2013 Asociación Española de Pediatría. Published by Elsevier Espana. All rights reserved.

  11. Dengue-associated neuromuscular complications

    OpenAIRE

    Ravindra Kumar Garg; Hardeep Singh Malhotra; Amita Jain; Kiran Preet Malhotra

    2015-01-01

    Dengue is associated with many neurological dysfunctions. Up to 4% of dengue patients may develop neuromuscular complications. Muscle involvement can manifest with myalgias, myositis, rhabdomyolysis and hypokalemic paralysis. Diffuse myalgia is the most characteristic neurological symptom of dengue fever. Dengue-associated myositis can be of varying severity ranging from self-limiting muscle involvement to severe dengue myositis. Dengue-associated hypokalemic paralysis often has a rapidly evo...

  12. Modelo artesanal para treinamento de acesso vascular periférico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ingrid Rodrigues de Oliveira Rocha

    2017-08-01

    Full Text Available Resumo Contexto O acesso vascular é o procedimento mais comum realizado entre pacientes hospitalizados. Assim, na tentativa de minimizar complicações e aliar conhecimento técnico ao conhecimento teórico, os modelos de simulação são capazes de oferecer um ambiente seguro para profissionais em formação e evitar os dilemas éticos de treinamento direto em pacientes. Com esse objetivo, surgiram diversos manequins de treinamento, mas devido ao seu alto custo eles não são acessíveis a todos, e com frequência os profissionais em formação da área da saúde realizam procedimentos sem que tenham um treinamento prévio. Objetivo Desenvolver um modelo de ensino e treinamento de acesso vascular periférico, utilizando um modelo de baixo custo para fins educacionais. Método Para reproduzir a via periférica de acesso, utilizou-se um macarrão de polietileno com equipos de infusão, com uma extremidade em fundo cego e a outra conectada a duas bolsas de 500 mL de soro fisiológico acrescido de corante. A bolsa foi instalada em um suporte metálico. Resultado O formato sugerido para o modelo apresentou semelhança com a anatomia do antebraço simplificada. O modelo se mostrou prático na punção e, devido à sua extensão, tem-se a possibilidade de puncionar diversas vezes o mesmo modelo, facilitando o treinamento. Conclusão O modelo proposto permite o treinamento de acesso vascular periférico, sendo uma alternativa de baixo custo que pode ser utilizada para fins educacionais.

  13. The undesirable effects of neuromuscular blocking drugs

    DEFF Research Database (Denmark)

    Claudius, C; Garvey, L H; Viby-Mogensen, J

    2009-01-01

    Neuromuscular blocking drugs are designed to bind to the nicotinic receptor at the neuromuscular junction. However, they also interact with other acetylcholine receptors in the body. Binding to these receptors causes adverse effects that vary with the specificity for the cholinergic receptor...... in question. Moreover, all neuromuscular blocking drugs may cause hypersensitivity reactions. Often the symptoms are mild and self-limiting but massive histamine release can cause systematic reactions with circulatory and respiratory symptoms and signs. At the end of anaesthesia, no residual effect...... of a neuromuscular blocking drug should be present. However, the huge variability in response to neuromuscular blocking drugs makes it impossible to predict which patient will suffer postoperative residual curarization. This article discusses the undesirable effects of the currently available neuromuscular blocking...

  14. Avaliação de um programa de treinamento físico por quatro meses para crianças asmáticas

    OpenAIRE

    Silva,Cristiane Soncino; Torres,Lídia Alice Gomes Monteiro Marins; Rahal,Abel; Terra Filho,João; Vianna,Elcio Oliveira

    2005-01-01

    OBJETIVO: Avaliar condicionamento físico e força muscular de crianças asmáticas antes e depois de quatro meses de participação num programa de exercícios físicos. MÉTODOS: Dois grupos de crianças com asma moderada e idade entre oito e onze anos foram formados. Ambos realizaram testes pré e pós-treinamento físico, duas vezes por semana, por quatro meses, em sessões de 90 minutos, com exercícios em solo e em água. Orientações sobre asma, seu controle e tratamento foram fornecidos a ambos os gru...

  15. TREINAMENTO RESISTIDO NA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR: uma Proposta de Ensino.

    OpenAIRE

    Lima, Fernanda Cruz; Costa, Saulo Paula; Minelli, Bernardo; Matos, Dihogo Gama; Venturini, Gabriela; Mazini Filho, Mauro Lúcio; Aidar, Felipe José

    2014-01-01

    Objetivo: buscar na literatura, estudos e evidencias científicas que comprovassem ou refutassem a efetividade do Treinamento Resistido na educação Física Escolar, para o desenvolvimento da força muscular dos adolescentes. Esclarecer os mitos e verdades, mostrar a importância do treinamento resistido frente à Educação Física Escolar e apresentar uma proposta de ensino, oferecendo ao professor de Educação Física reais possibilidades de ministrar esse conteúdo em suas aulas. Método: pesquisa de...

  16. Treinamento auditivo nas alterações do processamento auditivo: estudo de caso

    OpenAIRE

    Stroiek,Susan; Quevedo,Lenita da Silva; Kieling,Carla Hernandez; Battezini,Ana Carolina Lago

    2015-01-01

    O objetivo deste estudo é verificar a eficácia de um programa de Treinamento Auditivo comparando o desempenho inicial, nos testes de avaliação do processamento auditivo, com o desempenho após o treinamento auditivo. Para este estudo de caso, desenvolvido na clínica de Fonoaudiologia da Universidade de Passo Fundo, foi selecionado um indivíduo que apresentava alterações de linguagem, queixas compatíveis com alterações de processamento auditivo, avaliação audiológica básica normal e avaliação d...

  17. Uso de alimento vivo como dieta inicial no treinamento alimentar de juvenis de pirarucu

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cavero Bruno Adan Sagratzki

    2003-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi testar a eficiência do alimento vivo como dieta inicial no treinamento alimentar de juvenis de pirarucu, Arapaima gigas. Foram usados dois tratamentos, Artemia sp. e mistura de zooplâncton nativo. O ganho de peso, a porcentagem de comedores e a sobrevivência não apresentaram diferença estatística significativa entre os tratamentos (p>0,05. A dieta inicial, à base de alimento vivo, é eficiente no treinamento alimentar de juvenis de pirarucu.

  18. Uso de alimento vivo como dieta inicial no treinamento alimentar de juvenis de pirarucu.

    OpenAIRE

    CAVERO, B.A.S.; ITUASSÚ, D.R.; PEREIRA-FILHO, M.; ROUBACH, R.; BORDINHON, A.M.; FONSECA, F.A.L. da; ONO, E.A.

    2003-01-01

    O objetivo deste trabalho foi testar a eficiência do alimento vivo como dieta inicial no treinamento alimentar de juvenis de pirarucu, Arapaima gigas. Foram usados dois tratamentos, Artemia sp. e mistura de zooplâncton nativo. O ganho de peso, a porcentagem de comedores e a sobrevivência não apresentaram diferença estatística significativa entre os tratamentos (p>0,05). A dieta inicial, à base de alimento vivo, é eficiente no treinamento alimentar de juvenis de pirarucu.

  19. Identification and Simulation as Tools for Measurement of Neuromuscular Properties

    National Research Council Canada - National Science Library

    Kearney, R

    2001-01-01

    Quantitative, objective methods for the evaluation of neuromuscular properties are required for the diagnosis of neuromuscular disorders and the evaluation of the effectiveness of treatment and rehabilitation...

  20. BIOLOGY OF SOME NEUROMUSCULAR DISORDERS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gerta Vrbova

    2004-12-01

    Full Text Available In order to understand and possibly interfere/ treat neuromuscular disorders it is important to analyze the biological events that may be causing the disability. We illustrate such attempts on two examples of genetically determined neuromuscular diseases: 1 Duchenne muscular dystrophy (DMD, and 2 Spinal muscular atrophy (SMA.DMD is an x-linked hereditary muscle disease that leads to progressive muscle weakness. The altered gene in DMD affects dystrophin, a muscle membrane associated proteine. Attempts were made to replace the deficient or missing gene/ protein into muscles of Duchenne children. Two main strategies were explored: 1 Myoblast and stem cell transfer and 2 Gene delivery. The possible use of methods other than the introduction of the missing gene for dystrophin into muscle fibres are based on the knowledge about the adaptive potential of muscle to different functional demands and the ability of the muscle to express a new set of genes in response to such stimuli. Stretch or overload is now known to lead to changes of gene expression in normal muscle, and the success of muscle stretch in the management of Duchenne boys is most likely to be due to such adaptive changes. Electrical stimulation of muscles is also a powerful stimulus for inducing the expression of new genes and this method too has produced beneficial effects on the progress of the disease in mice and men.SMA is a heterogeneous group of hereditary neuromuscular disorders where the loss of lower motoneurones leads to progressive weakness and muscle atrophy. The disease subdivides into 3 forms according to the severity of the symptoms and age of onset. All three forms of SMA have been mapped to chromosome 5q11.2-13.2. Clinical features of all these forms of SMA include hypotonia shortly after birth, symmetrical muscle weakness and atrophy, finger tremor, areflexia or hyporeflexia and later contractures. In patients with SMA 1 and 2 the development of all parts of the motor

  1. Respostas lactacidêmicas de ratos ao treinamento intermitente de alta intensidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Carolina Panveloski-Costa

    2012-04-01

    Full Text Available Durante contrações musculares de alta intensidade intervaladas por curtos períodos de tempo há importante participação do metabolismo glicolítico e, consequentemente, aumento das concentrações de lactato sanguíneo. O objetivo do estudo foi avaliar as respostas lactacidêmicas agudas e crônicas de ratos Wistar submetidos a um treinamento intermitente de alta intensidade (salto tipo jump squat de três sessões semanais, a cada 24h, três séries de 12 repetições com intervalos de 60s entre cada uma. Houve aumento das concentrações de lactato sanguíneo durante a sessão aguda do treinamento (lactacidemia basal vs. lactacidemia após último esforço, P < 0,001. Contrariamente, após seis semanas de treinamento, ocorreu redução de 49% na resposta lactacidêmica ao exercício em relação à primeira sessão, P = 0,0002. O exercício intermitente de alta intensidade intervalado favorece a participação do sistema glicolítico; no entanto, o treinamento intermitente de alta intensidade promove redução das respostas lactacidêmicas, sugerindo melhora da capacidade de ressíntese de fosfocreatina e da biogênese mitocondrial.

  2. Neuromuscular Control and Coordination during Cycling

    Science.gov (United States)

    Li, Li

    2004-01-01

    The neuromuscular control aspect of cycling has been investigated through the effects of modifying posture and cadence. These studies show that changing posture has a more profound influence on neuromuscular coordination than does changing slope. Most of the changes with standing posture occur late in the downstroke: increased ankle and knee joint…

  3. Kinship and interaction in neuromuscular pharmacology

    NARCIS (Netherlands)

    Schiere, Sjouke

    2006-01-01

    The background of this thesis is presented in the introductory chapters and stafts with a brief history of neuromuscular relaxants. It is followed by a short description of the neuromuscular physiology and pharmacology in chapters 2 and 3, respectively. In chapter 4 the aim of the thesis is

  4. Efeito do treinamento combinado e aeróbio no controle glicêmico no diabetes tipo 2

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antônio Renato Pereira Moro

    Full Text Available INTRODUÇÃO: O diabetes tipo 2 é um grupo heterogêneo de doença metabólica causada por uma disfunção na secreção da insulina e/ou ação desta. OBJETIVOS: Comparar o efeito de duas modalidades de treinamento, o combinado (aeróbio e resistido e o aeróbio, no controle glicêmico no diabetes tipo 2. MATERIAIS E MÉTODOS: A pesquisa caracteriza-se por ser um estudo quase-experimental. Após aprovação do CEP, com registro 09.071.4.08. III, deu-se início ao programa de treinamento combinado e aeróbio. Foram selecionados 24 participantes, de ambos os gêneros, sedentários, com média de idade de 60,41 ± 7,87. Os participantes foram divididos aleatoriamente em dois grupos: treinamento combinado (n = 12 e treinamento aeróbio (n = 12; ambos foram avaliados no início e final do estudo. A concentração sérica de glicose foi determinada pelo sistema Vitros e a hemoglobina glicosilada foi determinada pelo método Cromatografia Líquida de Alta Performance. O treinamento foi realizado três vezes por semana, com duração total de 20 semanas. Os dados são expressos em média e desvio-padrão. Foi aplicado o teste t pareado (p < 0,05 para comparar a média basal e após 20 semanas de treinamento. RESULTADOS: A média da glicose em jejum do treinamento combinado reduziu significativamente, de 167,41 ± 38,13 para 119,83 ± 20,91, sendo que o mesmo ocorreu com o treinamento aeróbio de 189,83 ± 63,57 para 139,91 ± 34,04. Os valores da hemoglobina glicosilada no treinamento combinado e treinamento aeróbio reduziram significativamente, de 8,61 ± 1,17 para 7,25 ± 1,24 e de 9,52 ± 2,46 para 8,37 ± 1,50, respectivamente. CONCLUSÃO: O treinamento combinado foi mais eficaz em relação à hemoglobina glicosilada e o treinamento aeróbio, na glicose plasmática.

  5. Respostas cardiopulmonares agudas de mulheres no treinamento de força

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcio Antônio Gonsalves Sindorf

    2013-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Investigar as respostas cardiopulmonares de uma sessão de treinamento de força em mulheres jovens. MÉTODO: Participaram do estudo 23 mulheres, com idade entre 18 e 29 anos. Todas as voluntárias foram submetidas aos seguintes testes: cardiopulmonar e de uma repetição máxima (1-RM. O protocolo de treinamento de força teve ênfase em hipertrofia muscular, três séries de oito a 12 repetições a 70% de 1-RM, com intervalos de um minuto e 30 segundos entre as séries. Durante a sessão de treinamento foi realizada a medida das variáveis cardiopulmonares por meio de analisador de gases metabólicos e módulo de telemetria. RESULTADOS: Os resultados do consumo de oxigênio da sessão de treinamento foram de 8,43 ± 1,76 ml/kg/min e da frequência cardíaca de 108,08 ± 15,26 bpm. Os resultados do consumo de oxigênio e da frequência cardíaca do treino foram inferiores (p < 0,01 ao do limiar ventilatório e das reservas do consumo de oxigênio e da frequência cardíaca. CONCLUSÃO: Os dados obtidos indicam que o presente protocolo de treinamento de força proporcionou pequena sobrecarga ao sistema cardiorrespiratório de mulheres jovens.

  6. The effect of training in Integrated Management of Childhood Illness (IMCI on the performance and healthcare quality of pediatric healthcare workers: a systematic review Efeitos do treinamento na estratégia de Atenção Integrada às Doenças Prevalentes na Infância (AIDPI sobre o desempenho dos profissionais de saúde na qualidade do atendimento às crianças: uma revisão sistemática

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Joaquim Freitas do Amaral

    2008-03-01

    Full Text Available OBJECTIVES: to analyze the effect of training in Integrated Management of Childhood Illness (IMCI on the quality of case management by healthcare workers based on a systematic review of the literature. METHODS: the authors searched the databases MEDLINE, LILACS, PAHO and WHOLIS for the search terms Integrated Management of Childhood Illness (IMCI, and analyzed documents published by Pan American Health Organization, World Health Organization and the Brazilian Ministry of Health between January 1993 and July 2006. The quality of the methodology was assessed using the criteria developed by Downs and Black. RESULTS: thirty-five papers were reviewed. Twelve of these validated the IMCI algorithm and found the sensitivity to be high and the specificity to be over 80% for major illnesses. Twenty-three papers assessed the performance of healthcare workers, eight of these with no control group. The present study shows clear evidence of improvement in the performance of healthcare workers employed at healthcare facilities with IMCI. The main methodological weaknesses of the study were lack of control of confounding factors and lack of information regarding statistical power. CONCLUSIONS: the performance of healthcare workers tends to improve at public healthcare facilities when IMCI is introduced.OBJETIVOS: analizar o efeito do treinamento na estratégia de Atenção Integrada às Doenças Pevalentes na Infância (AIDPI na qualidade do manejo de casos pelos trabalhoadores de saúde, com base em uma revisão sistemática de literatura. MÉTODOS: foram revisados estudos nas bases de dados MEDLINE, LILACS, PAHO e WHOLIS com as palavras-chave: Atenção Integral às Doenças Prevalentes na Infância (AIDPI; além de documentos da Organização Pan-americana da Saúde, Organização Mundial da Saúde e do Ministério da Saúde do Brasil, de janeiro de 1993 até julho de 2006. A qualidade metodológica dos artigos foi avaliada pelos critérios de Downs e Black

  7. Decanoato de nandrolona aumenta a parede ventricular esquerda, mas atenua o aumento da cavidade provocado pelo treinamento de natação em ratos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maísa Carvalho Rezende Soares

    2011-12-01

    Full Text Available Os esteroides anabólicos androgênicos (EAAs são drogas sintetizadas a partir da testosterona. Sua ação anabólica deve-se principalmente ao aumento da síntese e redução na degradação das proteínas musculares. Este trabalho investiga os efeitos do treinamento de natação associado ao tratamento com decanoato de nandrolona sobre a pressão arterial, as dimensões cardíacas e reatividade vascular. Quarenta ratos Wistar machos, com idade de 60 dias, foram divididos em quatro grupos (n = 10: sedentário (SN, sedentário tratado (ST, treinados (TN e treinados tratados (TT. Animais TN e TT realizaram um treinamento de natação durante 12 semanas, enquanto os animais ST e TT receberam decanoato de nandrolona semanalmente (15mg/kg. O coração e os testículos foram removidos e pesados. O diâmetro da cavidade do ventrículo esquerdo (DcVE e a espessura da parede ventricular (EspVE foram medidos com um paquímetro eletrônico. A pressão arterial sistólica (PAS e a pressão arterial diastólica (PAD foram medidas semanalmente; ainda, foi estudada a reatividade vascular das artérias mesentéricas em resposta à noradrenalina. Em nosso trabalho não houve alterações no peso do coração; no entanto, verificamos aumento no DcVE (p < 0,05 em ratos TN, enquanto a EspVE aumentou (p < 0,05 nos ratos ST e TT, ambos em relação ao SN. O peso do testículo diminuiu (p < 0,05 em ST e TT em relação a SN. Tanto a pressão arterial quanto a reatividade vascular não foram alteradas. Concluímos que o treinamento de natação aumentou o diâmetro da cavidade ventricular esquerda, enquanto o tratamento com decanoato de nandrolona aumentou a espessura da parede ventricular esquerda, sugerindo uma hipertrofia concêntrica

  8. Treinamento neuromotor no padrão de marcha e na mobilidade de tornozelos em idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruna Caroline de Lima

    2015-12-01

    Full Text Available Objetivo: Analisar o efeito do treinamento neuromotor no padrão de marcha e a mobilidade de tornozelos em idosos. Métodos: Ensaio controlado não aleatorizado, de corte transversal, realizado em Rio Negrinho, Santa Catarina, no período de maio a setembro de 2015, com amostra de 26 idosas divididas em grupo controle (GC=15 e grupo treinamento neuromotor (GTN=11. A avaliação do padrão de marcha ocorreu através do Protocolo de Cerny e a mobilidade de tornozelos, através da goniometria. O GC realizou atividade física regular composta por aquecimento, exercícios de alongamento e fortalecimento muscular de grandes grupos musculares de membros e desaquecimento. O GTN recebeu treinamento neuromotor em forma de circuito composto por 10 estações, com aquecimento, treinamento neuromotor, desaquecimento e repetição do circuito em 3 vezes, com permanência de 1 minuto em cada estação e 30 segundos de intervalo entre elas, com progressão de dificuldade dos exercícios após a sexta semana. Ambos os grupos realizaram a atividade por 12 semanas (2 vezes semanais, com duração de 45 minutos. Análise ocorreu pelo teste t, adotando um nível de significância de p<0,05. Resultados: Houve melhora significativa em dorsiflexão de ambos os tornozelos (direito p=0,00 e esquerdo=0,02 e em ambos os grupos; já no padrão de marcha, não houve melhora significativa após treinamento neuromotor (velocidade p=0,55; tempo de deambulação p=0,6. Conclusão: O treinamento neuromotor beneficiou a manutenção do padrão de marcha (velocidade e tempo de deambulação e a mobilidade articular de tornozelos em idosas avaliadas.

  9. FUNCTIONS OF A NEUROMUSCULAR CENTRE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Janez Zidar

    2004-12-01

    Full Text Available Main functions of a neuromuscular (NM centre are making diagnosis, treatment and counselling. Some other functions, e. g. forming a register and epidemiological endeavours, could be added. All these activities are expected to be achieved by multidisciplinary approach with the idea that members use the same guidelines and share the same knowledge.NM diseases affect lower levels of the nervous system that is motor units (motor cells in the brainstem and spinal cord, nerve roots, cranial and peripheral nerves, neuromuscular junction, and muscles. There are many such diseases; a few are more common others are rare.Rational approach in making a diagnosis can be divided into several steps. The process begins with a person with clinical symptoms and signs which raise the suspicion of NM disease. The first step is the description of the predominant pattern of muscular wasting and weakness (e. g. limb-girdle, distal, ocular, facio-scapulo-humeral. Each of these syndromes require a differential diagnosis within the motor unit territory what is achieved by means of EMG and muscle biopsy. The latter is even more important to define the nature of the abnormality. Disease nature can also be determined biochemically and, as NM disorders are commonly genetically determined, at the molecular genetic level. Treatment modalities include drugs (causative and symptomatic and other measures such as promoting and maintaining good general health, preventing skeletal deformities, physiotherapy, orthoses, surgery, and prevention of respiratory and cardiac functions. Counselling is mainly by social workers that focus on the practical aspects of coping with illness and disability and by genetic counsellors who gave advise on family planning.

  10. Neuromuscular diseases: Diagnosis and management.

    Science.gov (United States)

    Mary, P; Servais, L; Vialle, R

    2018-02-01

    Neuromuscular diseases (NMDs) affect the peripheral nervous system, which includes the motor neurons and sensory neurons; the muscle itself; or the neuromuscular junction. Thus, the term NMDs encompasses a vast array of different syndromes. Some of these syndromes are of direct relevance to paediatric orthopaedic surgeons, either because the presenting manifestation is a functional sign (e.g., toe-walking) or deformity (e.g., pes cavus or scoliosis) suggesting a need for orthopaedic attention or because orthopaedic abnormalities requiring treatment develop during the course of a known NMD. The main NMDs relevant to the orthopaedic surgeon are infantile spinal muscular atrophy (a motor neuron disease), peripheral neuropathies (chiefly, Charcot-Marie-Tooth disease), congenital muscular dystrophies, progressive muscular dystrophies, and Steinert myotonic dystrophy (or myotonic dystrophy type 1). Muscle weakness is a symptom shared by all these conditions. The paediatric orthopaedic surgeon must be familiar, not only with the musculoskeletal system, but also with many other domains (particularly respiratory and cardiac function and nutrition) that may interfere with the treatment and require preoperative management. Good knowledge of the natural history of each NMD is essential to ensure optimal timing of the therapeutic interventions, which must be performed under the best possible conditions in these usually frail patients. Timing is particularly crucial for the treatment of spinal deformities due to paraspinal muscle hypotonia during growth: depending on the disease and natural history, the treatment may involve non-operative methods or growing rods, followed by spinal fusion. A multidisciplinary approach is always required. Finally, the survival gains achieved in recent years increasingly require attention to preparing for adult life, to orthopaedic problems requiring treatment before the patient leaves the paediatric environment, and to the transition towards the

  11. Neuromuscular complications of immune checkpoint inhibitor therapy.

    Science.gov (United States)

    Kolb, Noah A; Trevino, Christopher R; Waheed, Waqar; Sobhani, Fatemeh; Landry, Kara K; Thomas, Alissa A; Hehir, Mike

    2018-01-17

    Immune checkpoint inhibitor (ICPI) therapy unleashes the body's natural immune system to fight cancer. ICPIs improve overall cancer survival, however, the unbridling of the immune system may induce a variety of immune-related adverse events. Neuromuscular immune complications are rare but they can be severe. Myasthenia gravis and inflammatory neuropathy are the most common neuromuscular adverse events but a variety of others including inflammatory myopathy are reported. The pathophysiologic mechanism of these autoimmune disorders may differ from that of non-ICPI-related immune diseases. Accordingly, while the optimal treatment for ICPI-related neuromuscular disorders generally follows a traditional paradigm, there are important novel considerations in selecting appropriate immunosuppressive therapy. This review presents 2 new cases, a summary of neuromuscular ICPI complications, and an approach to the diagnosis and treatment of these disorders. Muscle Nerve, 2018. © 2018 Wiley Periodicals, Inc.

  12. Deep Neuromuscular Blockade Improves Laparoscopic Surgical Conditions

    DEFF Research Database (Denmark)

    Rosenberg, Jacob; Herring, W Joseph; Blobner, Manfred

    2017-01-01

    INTRODUCTION: Sustained deep neuromuscular blockade (NMB) during laparoscopic surgery may facilitate optimal surgical conditions. This exploratory study assessed whether deep NMB improves surgical conditions and, in doing so, allows use of lower insufflation pressures during laparoscopic cholecys...

  13. Neuromuscular control of prey capture in frogs.

    OpenAIRE

    Nishikawa, K C

    1999-01-01

    While retaining a feeding apparatus that is surprisingly conservative morphologically, frogs as a group exhibit great variability in the biomechanics of tongue protraction during prey capture, which in turn is related to differences in neuromuscular control. In this paper, I address the following three questions. (1) How do frog tongues differ biomechanically? (2) What anatomical and physiological differences are responsible? (3) How is biomechanics related to mechanisms of neuromuscular cont...

  14. Cartilagem esternal do frango como modelo experimental para o treinamento da rinoplastia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Caio Augusto Perete

    2014-10-01

    Full Text Available Introdução: O estudo da rinoplastia representa grande dificuldade para a formação do cirurgião plástico, devido à complexidade técnica encontrada associada ao reduzido campo operatório. Alguns modelos experimentais, como o nariz do coelho, ovelha, cartilagem esternal do frango e também modelos tridimensionais do nariz humano já foram descritos. O objetivo do presente trabalho é relatar a experiência do serviço de cirurgia plástica na utilização da cartilagem esternal do frango como modelo experimental para o treinamento da rinoplastia. Método: Foi realizada documentação da utilização da cartilagem esternal do frango para o treinamento de técnicas empregadas na rinoplastia. Um peito de frango sem a pele foi preparado a partir da fervura em água por 20 minutos, com a finalidade de facilitar a separação do componente osteocartilaginoso necessário ao treinamento, sem comprometer a cartilagem. Resultados: A partir do material obtido, foi possível realizar a dissecção e manipulação estrutural da cartilagem. A facilidade em manipular as estruturas permitiu a confecção dos principais enxertos utilizados, como a simulação da retirada de enxerto de cartilagem septal, spreader graft, strut graft, enxerto de alar e enxerto de Sheen. Conclusões: O emprego da cartilagem esternal do frango para o treinamento da rinoplastia é de grande utilidade, visto que a habilidade técnica para a confecção de enxertos cartilaginosos exige experiência clínica e demorada curva de aprendizado. Este modelo oferece tecidos muito semelhantes ao material humano e pode ser obtido com facilidade e baixo custo.

  15. Treinamento em corrida de baixa intensidade: propriedades estruturais e mecânicas da epífise proximal do fêmur de ratas osteopênicas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bárbara Braga Fernandes Maia

    2014-09-01

    Full Text Available Este estudo investigou os efeitos do treinamento em corrida de baixa intensidade (TCBI sobre propriedades estruturais e mecânicas da epífise proximal do fêmur de ratas osteopênicas. Ratas Wistar [idade = 20 semanas; massa corporal = 271,42 ± 17,6 g] foram submetidas à ovariectomia (OVX ou laparotomia (SHAM e alocadas em quatro grupos: corrida OVX (CO, n = 12, controle OVX (CONO, n = 12, corrida SHAM (CS, n = 12 e controle SHAM (CONS, n = 12. Quinze dias pós-cirurgia, os grupos CO e CS foram submetidos ao TCBI em esteira (16 m/min, 60 min/dia, cinco dias/semana por 10 semanas. O TCBI não alterou os efeitos deletérios da osteopenia induzida por ovariectomia sobre a densidade mineral do fêmur, a quantidade de osso trabecular no trocanter e colo do fêmur, a tenacidade e a força máxima de fratura do colo do fêmur de ratas.

  16. Sugammadex: A Review of Neuromuscular Blockade Reversal.

    Science.gov (United States)

    Keating, Gillian M

    2016-07-01

    Sugammadex (Bridion(®)) is a modified γ-cyclodextrin that reverses the effect of the steroidal nondepolarizing neuromuscular blocking agents rocuronium and vecuronium. Intravenous sugammadex resulted in rapid, predictable recovery from moderate and deep neuromuscular blockade in patients undergoing surgery who received rocuronium or vecuronium. Recovery from moderate neuromuscular blockade was significantly faster with sugammadex 2 mg/kg than with neostigmine, and recovery from deep neuromuscular blockade was significantly faster with sugammadex 4 mg/kg than with neostigmine or spontaneous recovery. In addition, recovery from neuromuscular blockade was significantly faster when sugammadex 16 mg/kg was administered 3 min after rocuronium than when patients spontaneously recovered from succinylcholine. Sugammadex also demonstrated efficacy in various special patient populations, including patients with pulmonary disease, cardiac disease, hepatic dysfunction or myasthenia gravis and morbidly obese patients. Intravenous sugammadex was generally well tolerated. In conclusion, sugammadex is an important option for the rapid reversal of rocuronium- or vecuronium-induced neuromuscular blockade.

  17. Neuromuscular blockade in the elderly patient

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lee LA

    2016-06-01

    Full Text Available Luis A Lee, Vassilis Athanassoglou, Jaideep J Pandit Nuffield Department of Anaesthetics, Oxford University Hospitals NHS Foundation Trust, Oxford, UK Abstract: Neuromuscular blockade is a desirable or even essential component of general anesthesia for major surgical operations. As the population continues to age, and more operations are conducted in the elderly, due consideration must be given to neuromuscular blockade in these patients to avoid possible complications. This review considers the pharmacokinetics and pharmacodynamics of neuromuscular blockade that may be altered in the elderly. Compartment distribution, metabolism, and excretion of drugs may vary due to age-related changes in physiology, altering the duration of action with a need for reduced dosage (eg, aminosteroids. Other drugs (atracurium, cisatracurium have more reliable duration of action and should perhaps be considered for use in the elderly. The range of interpatient variability that neuromuscular blocking drugs may exhibit is then considered and drugs with a narrower range, such as cisatracurium, may produce more predictable, and inherently safer, outcomes. Ultimately, appropriate neuromuscular monitoring should be used to guide the administration of muscle relaxants so that the risk of residual neuromuscular blockade postoperatively can be minimized. The reliability of various monitoring is considered. This paper concludes with a review of the various reversal agents, namely, anticholinesterase drugs and sugammadex, and the alterations in dosing of these that should be considered for the elderly patient. Keywords: anesthesia, elderly, drugs, pharmacokinetics, pharmacodynamics 

  18. Criação de objetos de aprendizagem gamificados para uso em sala de treinamento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Lúcia Gili Massi

    2017-01-01

    Full Text Available As pessoas de todo o mundo passam bilhões de horas por semana jogando nos computadores, smartphones e videogames. Levar os elementos dos jogos, que fascinam e prendem a atenção dos indivíduos, para o contexto da educação profissional ou não pode ser uma estratégia metodológica que resulte em aumento de motivação e engajamento de aprendizes. Este estudo, baseado em pesquisa bibliográfica e documental, pretende apresentar as etapas para a criação de objetos de aprendizagem gamificados a serem utilizados pelos profissionais das áreas de treinamento, em especial, os instrutores, que desejam aumentar o envolvimento dos treinandos com os conteúdos transmitidos em sala de treinamento. Há resultados empíricos mostrando a eficácia da gamificação em treinamento e na transferência dos aprendizados para o trabalho cotidiano.

  19. Periodização de treinamento para estudantes de ballet clássico na prevenção de lesões

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kamile Nienkotter de Paula Souza

    2016-07-01

    Full Text Available Objetivo: realizar uma periodização e analisar os índices de dor e lesão de bailarinas clássicas. Método: a amostra foi constituída por 10 bailarinas com idade entre 18 e 23 anos. Na caracterização da amostra, coletaram-se os dados de massa corporal e estatura, para cálculo do Índice de Massa Corporal (IMC. As avaliadas responderam a um questionário individual, contendo informações sobre a prática da dança e responderam o questionário nórdico. Iniciou-se o processo de treinamento com uma avaliação musculoesquelética, através do teste de impulsão horizontal, quantificação de força muscular e também foi realizado o teste de esforço máximo. Os treinos foram divididos em capacidade aeróbica, resistência e potência. O treinamento foi realizado duas vezes por semana, com duração de uma hora e trinta minutos, por um período de 5 meses. Para análise dos dados, realizou-se a estatística descritiva (média, desvio padrão e percentual, o teste de Shapiro-Wilk, para verificar a normalidade da amostra. O teste t de Student foi utilizado para comparação entre pré e pós-atividade e foi realizado o qui-quadrado para comparação da frequência percentual. Resultados: nas variáveis antropométricas não foram encontrados valores significativos entre pré e pós treinamento. Resultado semelhante ocorreu nas comparações da avaliação musculoesquelética, no teste de esforço máximo e na frequência cardíaca máxima. Ao contrário, nas porcentagens da distribuição de sintomas osteomusculares foi possível observar diferenças significativas entre pré e pós intervenção. Considerações finais: o treinamento periodizado, respeitando a individualidade biológica de cada individuo, foi capaz de produzir diminuição significativa nos índices de lesão e dor das bailarinas avaliadas.

  20. Efeitos do treinamento proprioceptivo na estabilidade do tornozelo em atletas de voleibol

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariana Michalski Peres

    2014-04-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Nos esportes onde há contato entre os atletas, como no voleibol, a entorse por mecanismo de inversão é a lesão mais frequente e o tornozelo é a articulação mais acometida quando comparada com as outras, acarretando déficits importantes como a instabilidade articular. Programas de treinamento proprioceptivo têm sido amplamente utilizados para minimizar essas questões. OBJETIVO: Avaliar o efeito de um treinamento proprioceptivo na estabilidade articular do tornozelo por meio do teste Star Excusion Balance Test (SEBT em atletas de voleibol. MÉTODOS: Foram avaliadas 11 atletas de voleibol de um clube poliesportivo da cidade de Porto Alegre, RS, Brasil, por meio de um teste de avaliação para estabilidade articular do tornozelo, SEBT. As atletas passaram por um programa de treinamento proprioceptivo composto por seis exercícios que trabalharam propriocepção em diferentes graus de exigência durante quatro semanas e este teste foi aplicado no pré e pós-intervenção pelo programa de treinamento proprioceptivo das atletas. RESULTADOS: As variáveis quantitativas foram descritas por média e desvio padrão, e o estudo da normalidade das variáveis foi descrito pelo teste de Shapiro-Wilk. As variáveis categóricas foram descritas por frequências absolutas e relativas. Para a comparação de médias de ambos os tornozelos pré e pós-intervenção foi utilizado o teste T pareado. O nível de significância adotado foi de 5% (p≤0,05 e as análises foram realizadas no programa SPSS (Statistical Package for the Social Sciences versão 18. Os resultados no teste SEBT das atletas pré e pós-intervenção proprioceptivo mostrou diferença significativa em seis direções para o tornozelo direito e cinco para o tornozelo esquerdo. CONCLUSÃO: Um programa de treinamento proprioceptivo parece ser eficaz para o incremento da estabilidade articular que é fundamental para atletas de voleibol expostas ao risco de entorses de

  1. Consentimento informado e competência em pediatria: opiniões de uma amostra de médicos romenos em treinamento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sorin Hostiuc

    2012-12-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Analisar o ponto de vista de médicos em treinamento a respeito do consentimento informado como autorização autônoma em pediatria e discutir os efeitos limitantes da norma de competência nesse campo. MÉTODOS: Foi realizado um estudo multi-institucional com 158 residentes de medicina com o intuito de analisar o ponto de vista de médicos em treinamento a respeito do consentimento informado como autorização autônoma em pediatria. A participação no estudo foi voluntária, e os participantes eram provenientes de uma área geográfica limitada (Bucareste e arredores. RESULTADOS: A maioria dos respondentes concordou totalmente que um paciente entre 16 e 18 anos deve tomar decisões médicas informadas sobre qualquer tipo de procedimento (inclusive os referentes a escolhas reprodutivas; enquanto que pacientes entre 14 e 16 anos devem ser autorizados a tomar decisões médicas informadas apenas a respeito de procedimentos menores. A maioria concordou que transplantes de medula óssea devem ser permitidos entre irmãos se aprovados por ambos, enquanto que a maioria não concorda com o transplante de órgãos sólidos. A participação de crianças em estudos clínicos deve ser permitida apenas se a criança concordar. CONCLUSÕES: As respostas obtidas em nosso estudo sobre o consentimento informado aproximam-no mais do sentido de autorização autônoma do que do sentido de autorização efetiva. Portanto, a intuição moral dos participantes é mais bioética e menos jurídica, o que, embora maximize os benefícios do paciente, está associado a um aumento no risco de responsabilidade. No entanto, visto que as gerações mais novas tornam-se cada vez mais precoces, é preciso reavaliar os dogmas tradicionais a respeito da competência.

  2. Intrauterine neuromuscular blockade in fetus.

    Science.gov (United States)

    Fan, S Z; Huang, F Y; Lin, S Y; Wang, Y P; Hsieh, F J

    1990-03-01

    Antenatal intrauterine fetal therapy has now become the target of numerous invasive diagnostic and therapeutic maneuvers. Fetal motion during intrauterine fetal therapy not only makes these procedures technically more difficult but also increases the likelihood of trauma to the umbilical vessels and the fetus. Combination of high doses of sedatives, tranquilizers, and narcotics rarely results in adequate suppression of fetal movement. Such medication puts the mother at risk of respiratory depression, regurgitation and aspiration. The use of pancuronium or atracurium to temporarily arrest fetal movement in ten fetus is reported. After an initial ultrasound assessment of fetal lie, placental location, and umbilical cord insertion site, the fetal weight was calculated by the ultrasound parameters of biparietal diameter and abdominal circumference. Under ultrasound guidance, we injected pancuronium 0.15 mg/kg or atracurium 1.0 mg/kg using a 23-gauge spinal needle into the fetal gluteal muscle. Short-term paralysis of the fetus was induced in all cases. Fetal movement stopped by sonographic observation within 5.8 +/- 2.3 min in the pancuronium group and 4.7 +/- 1.8 min in the atracurium group. Fetal movements returned both to maternal sensation or ultrasonic observation by 92 +/- 23 min in the first group and 36 +/- 11 min in the second group. No adverse effect of the relaxant has been observed in any of the mothers. There was no evidence of local soft tissue, nerve or muscle damage at the site of injection on initial examination of the neonates after delivery. The use of neuromuscular relaxant in fetus was a safe and useful method.

  3. Protein defects in neuromuscular diseases

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vainzof M.

    2003-01-01

    Full Text Available Muscular dystrophies are a heterogeneous group of genetically determined progressive disorders of the muscle with a primary or predominant involvement of the pelvic or shoulder girdle musculature. The clinical course is highly variable, ranging from severe congenital forms with rapid progression to milder forms with later onset and a slower course. In recent years, several proteins from the sarcolemmal muscle membrane (dystrophin, sarcoglycans, dysferlin, caveolin-3, from the extracellular matrix (alpha2-laminin, collagen VI, from the sarcomere (telethonin, myotilin, titin, nebulin, from the muscle cytosol (calpain 3, TRIM32, from the nucleus (emerin, lamin A/C, survival motor neuron protein, and from the glycosylation pathway (fukutin, fukutin-related protein have been identified. Mutations in their respective genes are responsible for different forms of neuromuscular diseases. Protein analysis using Western blotting or immunohistochemistry with specific antibodies is of the utmost importance for the differential diagnosis and elucidation of the physiopathology of each genetic disorder involved. Recent molecular studies have shown clinical inter- and intra-familial variability in several genetic disorders highlighting the importance of other factors in determining phenotypic expression and the role of possible modifying genes and protein interactions. Developmental studies can help elucidate the mechanism of normal muscle formation and thus muscle regeneration. In the last fifteen years, our research has focused on muscle protein expression, localization and possible interactions in patients affected by different forms of muscular dystrophies. The main objective of this review is to summarize the most recent findings in the field and our own contribution.

  4. Prolongation of rapacuronium neuromuscular blockade by clindamycin and magnesium.

    Science.gov (United States)

    Sloan, Paul A; Rasul, Mazhar

    2002-01-01

    We report a prolonged neuromuscular block with the nondepolarizing muscle relaxant rapacuronium in the presence of clindamycin. Even when using "short-acting" muscle relaxants, the anesthesiologist must routinely monitor the neuromuscular function.

  5. O perfil profissional dos preparadores de goleiros dos clubes participantes da série A-2 do campeonato paulista de 2014 (categoria principal) e os métodos de treinamento mais utilizados, em relação às novas tendências de preparação de goleiros

    OpenAIRE

    Simões, Eduardo Maia; Universidade Estácio de Sá

    2015-01-01

    O presente estudo visou colher informações, analisar e traçar o perfil desses profissionais, além de identificar quais são os métodos de treinamento mais utilizados. Foi utilizado um questionário, adaptado do modelo de Rigotti (2006) e Máximo (2012), que consiste de perguntas objetivas sobre aspectos socioeconômicos, familiares e de trabalho. A amostra foi composta por dezessete preparadores de goleiros de equipes de futebol profissional do Estado de São Paulo, participantes do Campeonato Pau...

  6. Computed tomography (CT) in neuromuscular disorders

    International Nuclear Information System (INIS)

    Novak, M.; Ambler, Z.

    1997-01-01

    For 24 patients with confirmed neuromuscular disorders, the clinical picture of the disease was complemented with CT examination. It is concluded, in accordance with the literature, that CT has a supplementary value as regards the extent and degree of disorder of the affected muscle groups. The basic pathological picture includes muscular atrophies, dystrophies, hypertrophies, and their combinations. The CT images are non-specific for the individual neuromuscular disorders and are of minor importance in the diagnostic process. 1 tab., 7 figs., 6 refs

  7. Research highlights of partial neuromuscular disorders

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cheng ZHANG

    2014-05-01

    Full Text Available In order to understand the latest progression on neuromuscular disorders for clinicians, this review screened and systemized the papers on neuromuscular disorders which were collected by PubMed from January 2013 to February 2014. This review also introduced the clinical diagnosis and treatment hightlights on glycogen storage disease type Ⅱ (GSD Ⅱ, Duchenne muscular dystrophy (DMD, amyotrophic lateral sclerosis (ALS and spinal muscular atrophy (SMA. The important references will be useful for clinicians. doi: 10.3969/j.issn.1672-6731.2014.05.004

  8. Efetividade do treinamento auditivo na plasticidade do sistema auditivo central: relato de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tatiana Rocha Silva

    2014-08-01

    Full Text Available O objetivo do estudo foi descrever, por meio de relato de caso, a efetividade do treinamento auditivo na modificação do sistema auditivo central de uma criança com queixas de alteração de fala e linguagem. Trata-se de um estudo retrospectivo, por meio de relato de caso, de uma criança do gênero masculino de 02 anos e 06 meses com queixas de alteração de fala e/ou linguagem. Na avaliação de potencial evocado auditivo de tronco encefálico observou-se presença de ondas eletrofisiológicas I, III e V com latência absoluta e intervalos interpicos dentro da normalidade na orelha direita e presença de ondas I, III e V com latência absoluta da onda V elevada e intervalos interpicos III-V e I-V elevados na orelha esquerda. O limiar eletrofisiológico foi de 70dBNA à direita e 40dBNA à esquerda. Após a avaliação a criança foi encaminhada para terapia fonoaudiológica baseada no treinamento auditivo informal. Para monitorar a função auditiva, após 06 meses de terapia fonoaudiológica, a criança foi encaminhada para reavaliação auditiva. Na reavaliação auditiva os resultados foram presença de ondas eletrofisiológicas I, III e V com latência absoluta e intervalos interpicos dentro da normalidade em ambas as orelhas com limiares eletrofisiológicos de 20dBNA bilateral. O programa de treinamento auditivo foi eficaz na reabilitação das habilidades auditivas.

  9. Tirosina hidroxilase como marcador da atividade simpática em artérias musculares esqueléticas e renais de ratos normotensos: efeitos do treinamento fisico.

    OpenAIRE

    Katia Burgi

    2007-01-01

    Apesar de não alterar a pressão de normotensos, o treinamento físico (T) promove importantes ajustes periféricos e adapatações centrais do controle cardiovascular mediados pelo vago e simpático. Neste trabalho investigamos os efeitos do T (55% da capacidade máxima) sobre a inervação simpática vascular para os territórios muscular esquelético (locomotor e não locomotor) e renal e adrenais, através de imunohistoquimica e Western Blot para Tirosina-Hidroxilase (TH). T aumentou a capacidade físic...

  10. Efeitos do treinamento aeróbio e resistido nas respostas cardiovasculares de idosos ativos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafaella Ribas Locks

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar os efeitos da associação do treinamento aeróbio e resistido nas respostas cardiovasculares de idosos. MÉTODOS: Onze sujeitos (ambos os gêneros, 70 ± 5 anos realizaram, duas vezes por semana, caminhada e exercícios resistidos para membros inferiores por 12 semanas. As avaliações foram realizadas antes, a cada quatro semanas de treinamento e após quatro semanas de destreinamento, por meio do teste de seis minutos de caminhada e aferição de pressão arterial (PA e frequência cardíaca (FC antes, imediatamente após e no quinto e décimo minutos subsequentes ao teste. Os resultados foram comparados pelo teste Wilcoxon (p ≤ 0,05. RESULTADOS: Quatro semanas de treinamento promoveram redução da PA sistólica e diastólica em repouso (120 ± 16 mmHg vs. 138 ± 20 mmHg, p = 0,01; 70 ± 9 mmHg vs. 84 ± 10 mmHg, p = 0,007, respectivamente e redução da PA diastólica imediatamente após o teste (78 ± 12 mmHg vs. 86 ± 9 mmHg, p = 0,01, que persistiu após dez minutos do esforço submáximo, quando comparadas ao pré-treino. Após 12 semanas, houve aumento da distância percorrida (555 ± 65m vs. 514 ± 100 m, p = 0,04 quando comparado ao pré-treino e recuperação dos valores de repouso da FC dez minutos após o esforço. CONCLUSÃO: A associação do treinamento aeróbio e resistido, em apenas quatro semanas, promoveu adaptações cardiovasculares eficientes na redução da PA sistólica e diastólica. Após 12 semanas, houve aumento da resistência à caminhada submáxima e recuperação dos valores em repouso da FC. Mesmo com o destreinamento, todos os resultados, exceto a FC, foram mantidos.

  11. Capacidade de alcance em idosas submetidas a um treinamento de flexibilidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elciana de Paiva Lima Vieira

    2015-12-01

    Full Text Available DOI: http://dx.doi.org/10.5007/1980-0037.2015v17n6p722   O objetivo do presente estudo foi analisar a influência de um treinamento de flexibilidade nos níveis de amplitude articular máxima e capacidade de alcance em idosas praticantes de hidroginástica participantes do projeto Prev-Quedas. As idosas foram alocadas em dois grupos: Intervenção (GI, n=25, no qual foram submetidas a um programa de treinamento de flexibilidade; e Controle (GC, n=21, no qual as idosas participavam, apenas, das aulas de hidroginástica. O treinamento de flexibilidade teve a duração de três meses e frequência semanal de dois dias, composto por exercícios de alongamento envolvendo tronco e membros inferiores, realizados após as aulas de hidroginástica. O método de alongamento utilizado foi o estático passivo. A aferição foi constituída pelos testes de alcance funcional, lateral e goniométrico. A análise estatística foi feita através dos seguintes testes: normalidade de Shapiro-Wilk, ANCOVA, correlação de Pearson e de Spearman. Foram encontrados resultados significativos para o GI no ganho de amplitude articular máxima na articulação do quadril direito (p=0,0025, porém, o mesmo não foi visto nas demais articulações aferidas, assim como também, não houve melhora na capacidade de alcance funcional e lateral para ambos os grupos. Também não foram vistas correlações significativas entre a capacidade de alcance e amplitude articular no tronco, quadril e tornozelo. Portanto, o treinamento de flexibilidade associado à prática da hidroginástica, promoveu aumento da amplitude articular máxima somente na articulação do quadril, contudo, não foi visto melhora na capacidade de alcance. A prática, somente da hidroginástica, apresentou resultados não significativos.

  12. Treinamento cognitivo em escolares de diferentes níveis intelectuais

    OpenAIRE

    Marcela Mansur Alves

    2012-01-01

    O presente trabalho teve como objetivos verificar a efetividade de um programa de treinamento de memória de trabalho para melhorar a inteligência de crianças brasileiras de diferentes níveis intelectuais; e investigar a relação entre os parâmetros de EEG e as diferenças individuais em inteligência. A fim de atingir o primeiro objetivo, foram selecionadas 53 crianças do sexto ano do ensino fundamental (M= 11,17 anos, DP= 0,376), as quais foram aleatoriamente designadas para compor o grupo expe...

  13. Efeitos hemodinâmicos e vasculares do treinamento resistido: implicações na doença cardiovascular

    OpenAIRE

    Umpierre,Daniel; Stein,Ricardo

    2007-01-01

    O treinamento resistido tem sido proposto como possível estratégia para prevenção e reabilitação cardiovascular, e nesse contexto esta revisão descreve os efeitos cardiovasculares mediados por esse tipo de intervenção. O incremento tanto na força muscular quanto na capacidade para realização de tarefas do dia-a-dia são benefícios bem caracterizados ante esse tipo de treinamento. Mais recentemente, estudos que utilizaram a avaliação hemodinâmica verificaram estabilidade cardiovascular em pacie...

  14. Melhoria na segurança pública com treinamento continuado do policial militar em estande de tiro modelo

    OpenAIRE

    Furuie, Lesly Miki Abe

    2013-01-01

    Resumo: A evolução das técnicas, o desenvolvimento de novas metodologias, novas condições de trabalho exigem do ser humano, independentemente da profissão exercida, uma atualização profissional representada pela necessidade de capacitação, treinamento ou aperfeiçoamento que devem ser obtidos em locais ideais e adequados à sua realização. O policial militar é um dos profissionais responsáveis pela segurança e integridade física de cidadãos e do patrimônio, necessitando de treinamento adequado ...

  15. A eficácia do treinamento auditivo formal em adultos com distúrbio do processamento auditivo (central

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Carolina Almendra Cruz

    2013-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: comparar o desempenho de adultos com distúrbio do processamento auditivo em testes comportamentais pré e pós-treinamento auditivo formal, visando verificar a eficácia desse treinamento. MÉTODOS: trata-se de um estudo retrospectivo quantitativo com 18 indivíduos com distúrbio do processamento auditivo comprovado pela avaliação comportamental, idade entre 16 e 38 anos. Todos os indivíduos foram submetidos a um programa de treinamento auditivo formal realizado em oito sessões de 45 minutos cada, duas vezes por semana, cujas sessões foram organizadas em ordem crescente de complexidade visando o treinamento das habilidades auditivas de fechamento auditivo, figura-fundo para frases, palavras, sílabas e sons não verbais e de processamento temporal dos sons (análise da intensidade, duração e frequência dos sons. Foram comparados os resultados dos testes SSW em Português, SSI (MCI e Reconhecimento de Padrão de Duração e de Frequência obtidos no pré e pós - treinamento auditivo, envolvendo as variáveis: orelha e sexo. RESULTADOS: não foram observadas diferenças estatisticamente significantes entre as orelhas. Tanto homens quanto mulheres quando analisados separadamente demonstraram resultados melhores no pós-treinamento. Estas diferenças foram estatisticamente significantes nos testes de padrão de duração e frequência, para homens e mulheres. No SSW melhora no sexo masculino e no SSI R/S -15 no sexo feminino, respectivamente. Além disso, todos os indivíduos relataram melhor desempenho comunicativo e de atenção no pós-treinamento. CONCLUSÃO: o treinamento auditivo formal melhora as habilidades auditivas de figura - fundo para sons verbais e de processamento temporal medidas por testes comportamentais em adultos diagnosticados com distúrbio de processamento auditivo.

  16. Sugammadex Improves Neuromuscular Function in Patients ...

    African Journals Online (AJOL)

    2018-02-23

    Feb 23, 2018 ... aminoglycosides), history of allergy to neuromuscular blocking agents, opioids or other drugs, and alcohol and drug dependence. Patients were divided into two ... titration microcalorimetry investigated the likelihood of the formation of complexes between sugammadex and other steroidal and nonsteroidal ...

  17. Neuromuscular transmission: new concepts and agents.

    NARCIS (Netherlands)

    Boer, H.D. de

    2009-01-01

    Sugammadex is the first selective relaxant binding agent which was originally designed to reverse the steroidal NMB drug rocuronium. The results of recent studies demonstrate that sugammadex is effective for reversal of rocuronium and vecuronium-induced neuromuscular block without apparent

  18. Anormalidades neuromuscular no desuso, senilidade e caquexia Neuromuscular abnormalities in disuse, cachexia and ageing

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Aris Kouyoumdjian

    1993-09-01

    Full Text Available É feita revisão de literatura sobre as principais alterações do sistema neuromuscular no desuso, senilidade e caquexia no ser humano e em modelos animais. A diminuição do diâmetro das fibras musculares após período de inatividade/imobilidade (desuso deve-se à perda de miofibrilas periféricas não ocorrendo formação de core-targetóides ou diminuição da atividade da miofosforilase, próprias da desnervação; mantêm-se a liberação espontânea de acetilcolina e fatores tróficos na junção mio-neural; em geral são afetadas preferencialmente fibras II, que podem assumir forma angular. Existe um processo contínuo intrínseco de envelhecimento de nervos e músculos, com desnervação e reinervação lenta e progressiva; o número de unidades motoras se reduz após 60 anos, sem ocorrência de atividade elétrica desnervatória; a quantidade de acetilcolina liberada nos neurônios terminais e a capacidade máxima de utilização de oxigênio estão diminuídas; a redução da capacidade oxidativa mitocondrial pode explicar o aumento de fibras I, mantendo-se o equilíbrio energético. Após poucas semanas de caquexia as fibras musculares podem ter o diâmetro reduzido em 30%, essa redução ocorre em ordem decrescente nos músculos dos membros inferiores, superiores e tronco; existe atrofia II preferencial com fibras angulares ocasionais, redução de RNA/síntese proteica, mantendo-se DNA normal.Cachexia, ageing and disuse and their effects on the human and animals neuromuscular system are reviewed. Disuse induces reduction of muscle fibers (mainly II diameter with peripheral myofibrils lost; there is no core-targetoid or even reduction on myophosphorilase activity, both typical of denervation; the acetylcholine spontaneous release and trophic factors on myoneural junction are maintained; muscle fibers could change to angular shape. Ageing affects nerve and muscle by a continuous and progressive process of denervation and reinner

  19. Programas de treinamento em criatividade: conhecendo as práticas e resultados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tatiana de Cássia Nakano

    Full Text Available Considerando-se a criatividade enquanto potencial a ser desenvolvido em todos os indivíduos e, portanto, uma característica passível de ser incentivada e treinada, cujos benefícios têm sido destacados principalmente no ambiente escolar, este trabalho teve como finalidade verificar a forma como os programas de treinamento em criatividade vêm sendo implementados e os resultados que vêm sendo obtidos, visando traçar um quadro dos ganhos resultantes desse tipo de programa. Uma seleção de pesquisas encontradas na literatura foi feita, apresentadas de acordo com o nível educacional dos participantes envolvidos, cujos resultados permitiram verificar que a maior parte dos programas aponta resultados positivos e ganhos provenientes desse treinamento, quando se comparam grupos experimentais e controle, sendo, a maior parte deles, desenvolvidos junto a estudantes do ensino fundamental. A análise das pesquisas aponta para diferentes possibilidades de incentivo e treino da criatividade a partir de técnicas diferenciadas, instrumental e planejamento diversificado

  20. Treinamento resistido controla a pressão arterial de ratos hipertensos induzidos por l-NAME

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ayslan Jorge Santos de Araujo

    2013-04-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A hipertensão arterial é uma síndrome multifatorial, crônica, causada tanto por fatores congênitos ou adquiridos. OBJETIVO: Avaliar os efeitos do treinamento físico resistido (TR sobre pressão arterial, reatividade e morfologia vascular de ratos hipertensos induzidos por L-NAME. MÉTODOS: Ratos Wistar machos (200-250 g foram divididos em 3 grupos: normotenso sedentário (NS, hipertenso sedentário (HS e hipertenso treinado (HT. A hipertensão foi induzida pela administração de L-NAME (40 mg/kg na água de beber por 4 semanas. A pressão arterial foi avaliada antes e após o TR. O TR foi realizado utilizando 50% de 1RM, em 3 séries de 10 repetições, 3 vezes por semana, durante quatro semanas. A reatividade vascular foi mensurada em artéria mesentérica superior por curvas concentração resposta ao nitroprussiato de sódio (NPS e fenilefrina (FEN. Além disso, foram realizadas análises histológicas e estereológicas. RESULTADOS: O TR inibiu o aumento das pressões arteriais média e diastólica. Foi observada uma redução significativa na resposta máxima e na potência da FEN entre os grupos HS e HT. A análise histológica evidenciou aspecto normal para as túnicas íntima, média e adventícia em todos os grupos. Não houve diferença significativa nas áreas do lúmen, da túnica média e total das artérias dos grupos HS e HT em relação ao NS. A razão parede/lúmen arterial do grupo HS apresentou diferença significativa em relação ao NS (p < 0,05, mas esta não foi diferente do HT. CONCLUSÕES: O TR foi capaz de prevenir a elevação da pressão arterial sob as condições deste estudo. Este controle parece envolver a regulação de mecanismo vasoconstritor e a manutenção do diâmetro luminal de ratos hipertensos induzidos por L-NAME.

  1. EFEITOS DO TREINAMENTO AERÓBICO E DO FORTALECIMENTO EM PACIENTES COM INSUFICIÊNCIA CARDÍACA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo Calegari

    Full Text Available RESUMO Introdução: A intolerância ao exercício e a dispneia são os principais sintomas da insuficiência cardíaca (IC. Objetivo: Avaliar os efeitos de um programa de exercícios aeróbicos e de fortalecimento sobre a aptidão cardiorrespiratória, o pico de torque dos flexores e extensores de joelho e a qualidade de vida de pacientes com IC. Métodos: Estudo prospectivo, com avaliação pré e pós-reabilitação cardiovascular (RCV de sete pacientes, com idade de 61 ± 6 anos, classe funcional II e III e fração de ejeção do ventrículo esquerdo 45,4 ± 2,3%. O programa de RCV consistiu em 24 sessões de 60 minutos com treinamento aeróbico na intensidade do limiar de anaerobiose (LA e fortalecimento dos membros inferiores usando caneleiras de 3 a 5 kg. No início e após RCV os pacientes realizaram prova de esforço, dinamometria isocinética do joelho dominante e responderam o questionário WHOQOL-bref. Resultados: Após RCV, o tempo de exercício para atingir o LA foi atrasado (p= 0,04 e houve aumento significativo no consumo de oxigênio (VO2 (p < 0,01, da frequência cardíaca (FC (p= 0,04, pulso de oxigênio (VO2/FC (p = 0,02 e ventilação (VE (p = 0,01 na intensidade do LA. Houve aumento do pico de torque dos músculos extensores de joelho (p = 0,02 e melhora significativa do domínio psicológico (p = 0,04 do questionário de qualidade de vida. Conclusão: O programa de RCV foi seguro e resultou em melhora do desempenho de exercícios submáximos, da força dos músculos extensores de joelho e da qualidade de vida de pacientes com IC.

  2. A associação de esteroide anabolizante ao treinamento físico aeróbio leva a alterações morfológicas cardíacas e perda de função ventricular em ratos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Everton Crivoi do Carmo

    2011-04-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: O esteroide anabolizante (EA associado ao treinamento físico induz mudança da hipertrofia cardíaca (HC fisiológica para patológica. Entretanto, esses trabalhos foram realizados com atletas de força, sendo os efeitos do EA associados ao treinamento aeróbio poucos conhecidos. Com isso, o objetivo do estudo foi avaliar os efeitos do treinamento aeróbio e dos EA sobre a estrutura e função cardíaca. MÉTODOS: Foram utilizados 28 ratos Wistar divididos em quatro grupos: sedentários controle (SC, sedentários anabolizante (SA, treinados controle (TC e treinado anabolizante (TA. O EA foi administrado duas vezes por semana (10mg/kg/ semana. O treinamento físico de natação foi realizado durante 10 semanas, cinco sessões semanais. Foram avaliadas a pressão arterial e frequência cardíaca por pletismografia de cauda, função ventricular por ecocardiografia, diâmetro dos cardiomiócitos e fração volume de colágeno por métodos histológicos. RESULTADOS: Não foram observadas diferenças na PA. O grupo TC apresentou redução da frequência cardíaca de repouso após o período experimental, o que não ocorreu no grupo TA. Foram observadas HC de 38% no grupo SA, 52% no grupo TC e de 64% no grupo TA em relação ao grupo SC. O grupo TA apresentou diminuição da função diastólica em relação aos outros grupos. Os grupos treinados apresentaram aumentos significantes no diâmetro dos cardiomiócitos. Os grupos SA e TA apresentaram aumento na fração volume de colágeno em relação aos grupos SC e TC. CONCLUSÃO: Os resultados apresentados mostram que o treinamento físico de natação induz a HC, principalmente pelo aumento do colágeno intersticial, o que pode levar a prejuízos da função diastólica.

  3. Efeitos de longo prazo do treinamento resistido na pressão arterial: uma revisão sistemática

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Eduardo Carnaval Pereira da Rocha

    2017-12-01

    Full Text Available Estudos têm verificado os efeitos benéficos do exercício aeróbico na modificação da pressão arterial (PA, entretanto poucos estudos avaliaram os efeitos a longo prazo do treinamento resistido na variação desse desfecho. Assim, o objetivo do estudo foi verificar por meio de uma revisão sistemática a ação de longo prazo do treinamento resistido na PA. Realizaram-se buscas nas bases Medline via Pubmed, Science Direct, Scopus, Web Science e Lilacs. Foram encontrados 751 artigos dos quais 22 fizeram parte da análise. A análise seguiu o checklist PRISMA (Statement for Reporting Systematic Reviews and Meta-Analyses of Studies e foi dividida em função da utilização de dois modelos para a aplicação do treinamento resistido: treinamento resistido tradicional (TRT, somente exercícios resistidos, e treinamento resistido combinado (TRC, exercícios resistidos mais exercícios aeróbicos. As maiores reduções na PA ocorreram quando da realização do treinamento resistido combinado em relação ao treinamento resistido tradicional. Entretanto, são necessários mais estudos para melhor explicitar as variáveis do treinamento resistido (número de exercícios, repetições, número de séries, intervalos, velocidade de execução e intensidade de carga, para que se possa identificar o melhor modelo de treinamento e aprimorar a qualidade metodológica dos experimentos na tentativa de diminuir os riscos de viés.

  4. Neuromuscular blockade in children Bloqueadores neuromusculares em crianças

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Fernando Lourenço de Almeida

    2000-06-01

    Full Text Available Neuromuscular blocking agents (NMBAs have been widely used to control patients who need to be immobilized for some kind of medical intervention, such as an invasive procedure or synchronism with mechanical ventilation. The purpose of this monograph is to review the pharmacology of the NMBAs, to compare the main differences between the neuromuscular junction in neonates, infants, toddlers and adults, and moreover to discuss their indications in critically ill pediatric patients. Continuous improvement of knowledge about NMBAs pharmacology, adverse effects, and the many other remaining unanswered questions about neuromuscular junction and neuromuscular blockade in children is essential for the correct use of these drugs. Therefore, the indication of these agents in pediatrics is determined with extreme judiciousness. Computorized (Medline 1990-2000 and active search of articles were the mechanisms used in this review.Os bloqueadores neuromusculares têm sido amplamente utilizados para controlar pacientes que necessitem imobilidade para algum tipo de intervenção médica, desde a realização de procedimentos invasivos até a obtenção de sincronismo com a ventilação mecânica. O objetivo básico desta monografia é revisar a farmacologia dos principais bloqueadores neuromusculares, analisar as diferenças existentes na junção neuromuscular de neonatos, lactentes, pré-escolares e adultos, além de discutir suas indicações em pacientes criticamente enfermos internados em unidade de terapia intensiva pediátrica. Revisão computadorizada da literatura (Medline 1990-2000 associado a busca ativa de artigos compuseram o mecanismo de busca dos dados desta revisão.

  5. Efeitos do alongamento passivo no desempenho de séries múltiplas no treinamento de força

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Charles Ricardo Lopes

    2015-06-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Recentemente, a prática de exercícios de alongamento tem sido relacionada a déficit no desempenho de atividades força-dependentes. Entretanto, pouco se sabe sobre seu efeito ao longo de séries múltiplas no treinamento de força. OBJETIVO: Determinar o efeito do alongamento passivo extensivo no desempenho de séries múltiplas e da dor percebida no treinamento de força. MÉTODOS: A amostra foi composta de 12 homens experientes com treinamento de força. O protocolo consistiu de três sessões. A primeira serviu como familiarização e determinação de 10 repetições máximas no supino reto (T10RM. A segunda e terceira condições foram aleatorizadas entre os sujeitos, sendo uma realizada com a avaliação do supino reto (SR sem alongamento prévio (SEMA, e a outra com alongamento prévio (COMA. O protocolo de alongamento consistiu de seis séries de 45 seg de alongamento por 15 seg de intervalo visando o músculo peitoral maior. A intensidade do alongamento foi mantida entre 70 e 90% da percepção subjetiva de desconforto. Antes e após o exercício, a dor local foi avaliada por meio de breve alongamento e palpação. A Análise de Variância ANOVA (2x6 com medidas repetidas foi utilizada para comparar o número de repetições. One-way ANOVA foi utilizada para comparar a carga da primeira série de cada condição (T10RM/SEMA/COMA. O teste-t de Student foi utilizado para comparar a carga total com a dor. RESULTADOS: Observou-se decréscimo no número de repetições ao longo das séries em ambas as condições, sem diferenças entre as mesmas, para a carga da primeira série, a carga total e a dor. CONCLUSÃO: O número de repetições em séries múltiplas é diminuído na mesma magnitude com e sem a realização do alongamento prévio, além de não alterar a carga total e a dor percebida.

  6. Efeito do destreinamento sobre variáveis cinemáticas relacionadas ao desempenho do nado crawl com diferentes estratégias de respiração

    OpenAIRE

    Pereira, Bernardo Maia Farage

    2012-01-01

    Sabe-se que o destreinamento acarreta em perda das adaptações do sistema cardiorrespiratório e neuromuscular adquiridas com o treinamento físico, inclusive na natação. Apesar de diversos estudos terem investigado o efeito do destreinamento do ponto de vista fisiológico, ainda não foi encontrado na literatura estudos que tenham investigado o efeito do destreinamento em variáveis cinemáticas durante o nado. Sabendo disso esse trabalho foi desenvolvido com objetivo de verificar se há efeito do d...

  7. Neuromuscular Exercise Post Partial Medial Meniscectomy

    DEFF Research Database (Denmark)

    Hall, Michelle; Hinman, Rana S; Wrigley, Tim V

    2015-01-01

    PURPOSE: To evaluate the effects of a 12-week, home-based, physiotherapist-guided neuromuscular exercise program on the knee adduction moment (an indicator of mediolateral knee load distribution) in people with a medial arthroscopic partial meniscectomy within the past 3-12 months. METHODS......: An assessor-blinded, randomised controlled trial including people aged 30-50 years with no to mild pain following medial arthroscopic partial meniscectomy was conducted. Participants were randomly allocated to either a 12-week neuromuscular exercise program that targeted neutral lower limb alignment...... or a control group with no exercise. The exercise program included eight individual sessions with one of seven physiotherapists in private clinics, together with home exercises. Primary outcomes were the peak external knee adduction moment during normal pace walking and during a one-leg sit-to-stand. Secondary...

  8. Efeitos agudos de vários métodos de treinamento de força no lactato sanguíneo e características de cargas em homens treinados recreacionalmente Los efectos de variados métodos de entrenamiento de resistencia sobre el lactato sanguíneo y características medias en hombres entrenados de forma recreativa The acute effects of varied resistance training methods on blood lactate and loading characteristics in recreationally trained men

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Gentil

    2006-12-01

    Full Text Available Diversos métodos de treinamento de força (MTF foram desenvolvidos com o propósito de manipular os estímulos fisiológicos e obter melhores resultados com o treinamento. O propósito do presente estudo foi comparar as respostas metabólicas e mecânicas entre sete diferentes MTF descritos na literatura. Os MTF foram comparados com relação ao lactato sanguíneo, tempo sob tensão (TST e sobrecarga total (TST x carga em jovens treinados do sexo masculino. Os MTF testados foram 10RM, superlento, isométrico funcional, oclusão vascular adaptada, 6RM, repetições forçadas e séries descendentes. Todos os MTF produziram elevações significativas no lactato sanguíneo, sem diferenças entre eles. O método de séries descendentes produziu maior tempo sob tensão e sobrecarga total em comparação com os outros MTF testados.Diversos métodos de entrenamiento de fuerza (RTM fueron desarrollados con el propósito de manipular los estímulos fisiológicos y obtener mejores resultados con el entrenamiento. El propósito del presente estudio ha sido el de comparar las respuestas metabólicas y mecánicas entre siete diferentes RTM descritos en la literatura. Los RTM fueron comparados con respecto al lactato sanguíneo, tiempo bajo tensión (TUT y sobrecarga total (TUT x carga en jóvenes entrenados del sexo masculino. Los RTM evaluados fueron 10RM, superlento, pico de contracción, oclusión vascular adaptada, 6RM, repeticiones forzadas y series descendentes. Todos los RTM produjeron incrementos significativos en el lactato sanguíneo, sin diferencias entre ellos. El método de series descendente produjo mayor tiempo bajo tensión y sobrecarga total cuando comparado con los otros RTM evaluados.Several resistance training methods (RTM have been developed in order to manipulate physiological stimuli and obtain better results with training. The purpose of this study is to compare the metabolic and mechanical responses among seven different RTM reported

  9. Improving Neuromuscular Monitoring and Reducing Residual Neuromuscular Blockade With E-Learning

    DEFF Research Database (Denmark)

    Thomsen, Jakob Louis Demant; Mathiesen, Ole; Hägi-Pedersen, Daniel

    2017-01-01

    neuromuscular blockade in surgical patients at 6 Danish teaching hospitals. METHODS: In this interrupted time series study, we are collecting data repeatedly, in consecutive 3-week periods, before and after the intervention, and we will analyze the effect using segmented regression analysis. Anesthesia...... and an increased risk of respiratory complications. Use of an objective neuromuscular monitoring device may prevent residual block. Despite this, many anesthetists refrain from using the device. Efforts to increase the use of objective monitoring are time consuming and require the presence of expert personnel...... practice, and patient outcomes. The primary outcome is use of neuromuscular monitoring in patients according to the type of muscle relaxant received. Secondary outcomes include last recorded train-of-four value, administration of reversal agents, and time to discharge from the postanesthesia care unit...

  10. Treinamento desportivo: perfil acadêmico dos líderes de grupos de estudo brasileiros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hudson Fabricius Peres Nunes

    Full Text Available Resumo Este estudo objetivou caracterizar o perfil acadêmico dos professores líderes de grupos de estudo brasileiros que desenvolvem pesquisas na subárea de treinamento desportivo. A metodologia usada foi a pesquisa descritiva dos currículos acadêmicos encontrados no banco de dados da Plataforma Lattes, tendo em vista que os dados quantitativos foram interpretados a partir da análise qualitativa das informações. Os resultados revelam que os grupos estão vinculados principalmente a universidades da Região Sudeste, a maioria dos líderes é doutor e a prevalência da produção científica está relacionada à preparação orgânica, pedagógica, psicológica e desportiva dos atletas.

  11. O processo de treinamento como ferramenta de redução dos custos em transporte

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Fernandes Monteiro

    2013-07-01

    Full Text Available Este artigo demonstra o benefício da aplicação de treinamento de pessoal para redução de custos logísticos. Para isso, o estudo se delimita ao setor de transporte rodoviário no Brasil, discutindo práticas atualmente correntes e seus benefícios ao controle e redução de custos na atividade. Na composição de custos de negócios na área de transportes, vários fatores e ações específicas devem ser analisadas para promover mudanças no negócio.

  12. RESPOSTA AGUDA DO LACTATO SANGUÍNEO A DIFERENTES PROTOCOLOS DE TREINAMENTO COM PESOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leandro Oliveira da Cruz Siqueira

    Full Text Available RESUMO Introdução: O treinamento em circuito é um modelo de treinamento resistido que permite uma variada combinação de sobrecarga e, por isso, requer mais informações para que se compreenda a demanda glicolítica anaeróbia durante sua execução. Objetivo: O objetivo foi comparar dois protocolos de treinamento com pesos, com (Tconv e sem (Tcirc pausa entre as execuções, quanto à resposta do lactato sanguíneo ([la]. Métodos: Onze homens (21,0 ± 2,3 anos; 76,7 ± 5,4 kg, 179,5 ± 7,0 cm foram submetidos ao teste de repetição máxima. O Tcirc e o Tconv foram prescritos a 60%1RM, 12 repetições, sendo três passagens com pausa de 300 s para Tcirc e três séries de cada exercício com 180 s de pausa para o Tconv. Os exercícios que compuseram ambos os protocolos de treinamento foram: supino reto, cadeira extensora unilateral, peck-deck, mesa flexora, pulley alto, leg press 45º, remada horizontal e panturrilha no hack. O teste de ANOVA (Bonferroni post hoc comparou o [la] no 1º, 3º e 5º minuto após as passagens no Tcirc e após cada série no Tconv. O teste t independente comparou as médias do pico de lactato entre Tcirc e Tconv. Em todas as análises adotou-se p ≤ 0,05. Resultados: Foram observadas diferenças para o [la] entre a 1ª (10,6 ± 1,0 mmol/l e a 2ª passagem (13,5 ± 1,8 mmol/l, P = 0,01 e entre a 1ª e a 3ª passagem (15,0 ± 2,5 mmol/l, P < 0,01 no Tcirc. Durante Tconv, os maiores valores médios de [la] foram observadas nos exercícios pulley alto (11,2 ± 2,2 mmol/l e leg press 45º (11,9 ± 2,6 mmol/l. Houve diferença (P < 0,01 ao comparar o pico de [la] após Tconv (12,8 ± 2,2 mmol/l e Tcirc (15,9 ± 2,0 mmol/l. Conclusão: O Tcirc demanda maior resposta glicolítica, enfatizando sua efetividade no aumento da capacidade anaeróbia muscular. Além disso, a execução não intermitente do Tcirc pode explicar sua maior demanda glicolítica, uma vez que Tconv e Tcirc foram proporcionalmente delineados

  13. Efeito do treinamento fisico em judocas e corredores fundistas de alto nivel na plasticidade neural

    OpenAIRE

    Wantuir Francisco Siqueira Jacini

    2007-01-01

    Resumo: Estudos experimentais têm sugerido que a prática de exercícios físicos associados a treinamento, planejamento e execução de movimentos complexos causam alterações estruturais no sistema nervoso. Essas podem refletir modificações benéficas à plasticidade cerebral, em resposta ao aumento da atividade imposta pela aprendizagem motora e exercícios físicos. Todavia, efeitos estruturais, com potencial implicação para o auxílio em reabilitação de problemas neurológicos, não são bem entendido...

  14. Recruitment rate, feasibility and safety of power training in individuals with Parkinson's disease: a proof-of-concept study Taxa de recrutamento, viabilidade e segurança de um treinamento de potência muscular em indivíduos com doença de Parkinson: um estudo prova de conceito

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lidiane O. Lima

    2013-02-01

    ários do Sistema Único de Saúde (SUS, receberam treinamento de potência muscular para os membros inferiores três vezes/semana durante dez semanas. Dados sobre o número de indivíduos recrutados bem como a presença e adesão ao tratamento foram registrados. A segurança foi avaliada pela presença de eventos adversos, dor durante a atividade, número de quedas e risco de lesão associado ao tratamento. RESULTADOS: Em oito meses, 62 indivíduos com DP foram triados, e apenas 13 participaram do programa até o final. As taxas de presença e adesão foram de 88% e 97%, respectivamente. Não houve evento adverso durante o treinamento. Dois participantes reportaram dores articulares, e um reportou quedas durante o período de treinamento. CONCLUSÕES: A taxa de recrutamento foi baixa devido à dificuldade de transporte e à falta de interesse dos indivíduos com DP em participar do estudo. As altas taxas de presença e adesão e a ausência de eventos adversos sugerem que o treinamento de potência muscular é viável e seguro na DP.

  15. New experimental model for training in videosurgery Novo modelo experimental para treinamento em videocirurgia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Danilo Malta Batista

    2012-10-01

    Full Text Available PURPOSE: To develop a new experimental model of lower cost for training in videosurgery. METHODS: This project was performed at the Nucleus of Experimental Surgery of the Bahiana School of Medicine and Public Health, based on previous models described in the literature and under the supervision of the full professor of Operative Technique and Experimental Surgery II. It was made a model cube-shaped, made of wood, with holes distributed in various locations, rubber stoppers for the holes and lined externally with carpet, and internally with laminate. RESULTS: The new experimental model is of low cost and reproduces quite faithfully several videosurgical procedures. CONCLUSION: Medical schools interested in the subject may adopt the new model for training in videosurgery without the need of high costs for making and using these models.OBJETIVO: Desenvolver um novo modelo experimental de baixo custo para treinamento em videocirurgia MÉTODOS: Este projeto foi conduzido no Núcleo de Cirurgia Experimental da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, baseado em modelos prévios descritos na literatura e sob a supervisão do professor titular de Técnica Operatória e Cirurgia Experimental II. Foi feito um modelo em formato de cubo, de madeira, com furos distribuídos em vários locais, tampas de borracha para os orifícios e forrado externamente com carpete e internamente com laminado. RESULTADOS: O novo modelo experimental desenvolvido é de baixo custo e reproduz de forma bastante fiel diversos procedimentos videocirúrgicos. CONCLUSÃO: Faculdades médicas interessadas no tema poderão adotar o novo modelo para o treinamento em videocirurgia sem que sejam necessários gastos elevados para a confecção e o uso desses modelos.

  16. Improving Neuromuscular Monitoring and Reducing Residual Neuromuscular Blockade With E-Learning

    DEFF Research Database (Denmark)

    Thomsen, Jakob Louis Demant; Mathiesen, Ole; Hägi-Pedersen, Daniel

    2017-01-01

    BACKGROUND: Muscle relaxants facilitate endotracheal intubation under general anesthesia and improve surgical conditions. Residual neuromuscular blockade occurs when the patient is still partially paralyzed when awakened after surgery. The condition is associated with subjective discomfort and an......-learning module can increase anesthetists' use of neuromuscular monitoring. TRIAL REGISTRATION: Clinicaltrials.gov NCT02925143; https://clinicaltrials.gov/ct2/show/NCT02925143 (Archived by WebCite® at http://www.webcitation.org/6s50iTV2x)....

  17. Chemical encapsulation of rocuronium by synthetic cyclodextrin derivatives: reversal of neuromuscular block in anaesthetized Rhesus monkeys.

    NARCIS (Netherlands)

    Boer, H.D. de; Egmond, J. van; Pol, F. van de; Bom, A.; Booij, L.H.D.J.

    2006-01-01

    BACKGROUND: At present, reversal of neuromuscular block induced by steroidal neuromuscular blocking agents (NMBAs) is achieved by administration of cholinesterase inhibitors. Chemical encapsulation of steroidal NMBAs, such as rocuronium, by a cyclodextrin is a new concept in neuromuscular block

  18. Efeito agudo do alongamento estático e facilitação neuromuscular propriocetiva sobre o desempenho do número de repetições máximas em uma sessão de treino de força

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos André Sá

    2013-12-01

    Full Text Available O objetivo do presente estudo foi verificar o efeito agudo do alongamento estático e facilitação neuromuscular propriocetiva (FNP no desempenho do número de repetições máximas (RM numa sessão de treino de força (STF. Seis visitas foram realizadas. Nas três primeiras adotou-se uma familiarização com os protocolos de alongamento e teste e reteste de 12RM. Os voluntários foram divididos aleatoriamente nas seguintes condições experimentais: a protocolo de alongamento estático + STF; b protocolo de alongamento FNP + STF; c protocolo de aquecimento específico com 20 repetições a 30% da carga de 12RM + STF. Realizaram-se 3 séries de 12RM para cada exercício: leg press (LP, cadeira extensora (CE, mesa flexora (MF e panturrilha (PT. Para o somatório do número de RM das 3 séries de cada exercício, diferenças significativas (p < .05 foram encontradas entre os métodos nos exercícios LP, CE e MF. Para o somatório do número de RM das três séries dos quatro exercícios encontraram-se diferenças significativas (p < .05 para EP vs. AE e FNP vs. AE. Ambos os métodos de alongamento diminuíram o desempenho, reduzindo os níveis de força. Desta forma, os alongamentos FNP e estático não devem ser recomendados antes de uma sessão de treino de força.

  19. Classification of neuromuscular blocking agents in a new neuromuscular preparation of the chick in vitro

    NARCIS (Netherlands)

    Riezen, H. van

    1968-01-01

    A neuromuscular preparation of the chick is described: 1. 1. The sciatic nerve-tibilis anterior muscle preparation of the 2–10 days old chick fulfils all criteria of an assay preparation and differentiates between curare-like and decamethonium-like agents. 2. 2. The preparation responds to

  20. Relação da síndrome do excesso de treinamento com estresse, fadiga e serotonina

    OpenAIRE

    Rohlfs, Izabel Cristina Provenza de Miranda; Mara, Lourenço Sampaio de; Lima, Walter Celso de; Carvalho, Tales de

    2005-01-01

    A grande exigência do esporte competitivo tem provocado sérias conseqüências em atletas envolvidos em treinamento de alto nível. Por sua vez, a mudança dos padrões estéticos tem levado indivíduos a buscarem, por meio do exercício físico, a redução da massa corporal, o aumento da massa muscular e do condicionamento aeróbio. É comum atletas e não atletas excederem os limites de suas capacidades físicas e psicológicas ocasionando o desenvolvimento da síndrome do excesso de treinamento (overtrain...

  1. Neuromuscular adaptations induced by adjacent joint training.

    Science.gov (United States)

    Ema, R; Saito, I; Akagi, R

    2018-03-01

    Effects of resistance training are well known to be specific to tasks that are involved during training. However, it remains unclear whether neuromuscular adaptations are induced after adjacent joint training. This study examined the effects of hip flexion training on maximal and explosive knee extension strength and neuromuscular performance of the rectus femoris (RF, hip flexor, and knee extensor) compared with the effects of knee extension training. Thirty-seven untrained young men were randomly assigned to hip flexion training, knee extension training, or a control group. Participants in the training groups completed 4 weeks of isometric hip flexion or knee extension training. Standardized differences in the mean change between the training groups and control group were interpreted as an effect size, and the substantial effect was assumed to be ≥0.20 of the between-participant standard deviation at baseline. Both types of training resulted in substantial increases in maximal (hip flexion training group: 6.2% ± 10.1%, effect size = 0.25; knee extension training group: 20.8% ± 9.9%, effect size = 1.11) and explosive isometric knee extension torques and muscle thickness of the RF in the proximal and distal regions. Improvements in strength were accompanied by substantial enhancements in voluntary activation, which was determined using the twitch interpolation technique and RF activation. Differences in training effects on explosive torques and neural variables between the two training groups were trivial. Our findings indicate that hip flexion training results in substantial neuromuscular adaptations during knee extensions similar to those induced by knee extension training. © 2017 The Authors. Scandinavian Journal of Medicine & Science In Sports Published by John Wiley & Sons Ltd.

  2. Neuromuscular Manifestations of West Nile Virus Infection

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A. Arturo eLeis

    2012-03-01

    Full Text Available The most common neuromuscular manifestation of West Nile virus (WNV infection is a poliomyelitis syndrome with asymmetric paralysis variably involving one (monoparesis to four limbs (quadriparesis, with or without brainstem involvement and respiratory failure. This syndrome of acute flaccid paralysis may occur without overt fever or meningoencephalitis. Although involvement of anterior horn cells in the spinal cord and motor neurons in the brainstem are the major sites of pathology responsible for neuromuscular signs, inflammation also may involve skeletal or cardiac muscle (myositis, myocarditis, motor axons (polyradiculitis, peripheral nerve (Guillain-Barré syndrome, brachial plexopathy. In addition, involvement of spinal sympathetic neurons and ganglia provides a plausible explanation for autonomic instability seen in some patients. Many patients also experience prolonged subjective generalized weakness and disabling fatigue. Despite recent evidence that WNV may persist long term in the central nervous system or periphery in animals, the evidence in humans is controversial. WNV persistence would be of great concern in immunosuppressed patients or in those with prolonged or recurrent symptoms. Support for the contention that WNV can lead to autoimmune disease arises from reports of patients presenting with various neuromuscular diseases that presumably involve autoimmune mechanisms (GBS, other demyelinating neu¬ropathies, myasthenia gravis, brachial plexopathies, stiff-person syndrome, and delayed or recurrent symptoms. Although there is no specific treatment or vaccine currently approved in humans, and the standard remains supportive care, drugs that can alter the cascade of immunobiochemical events leading to neuronal death may be potentially useful (high-dose corticosteroids, interferon preparations, and intravenous immune globulin containing WNV-specific antibodies. Human experience with these agents seems promising based on anecdotal

  3. Acute neuromuscular weakness associated with dengue infection

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Harmanjit Singh Hira

    2012-01-01

    Full Text Available Background: Dengue infections may present with neurological complications. Whether these are due to neuromuscular disease or electrolyte imbalance is unclear. Materials and Methods: Eighty-eight patients of dengue fever required hospitalization during epidemic in year 2010. Twelve of them presented with acute neuromuscular weakness. We enrolled them for study. Diagnosis of dengue infection based on clinical profile of patients, positive serum IgM ELISA, NS1 antigen, and sero-typing. Complete hemogram, kidney and liver functions, serum electrolytes, and creatine phosphokinase (CPK were tested. In addition, two patients underwent nerve conduction velocity (NCV test and electromyography. Results: Twelve patients were included in the present study. Their age was between 18 and 34 years. Fever, myalgia, and motor weakness of limbs were most common presenting symptoms. Motor weakness developed on 2 nd to 4 th day of illness in 11 of 12 patients. In one patient, it developed on 10 th day of illness. Ten of 12 showed hypokalemia. One was of Guillain-Barré syndrome and other suffered from myositis; they underwent NCV and electromyography. Serum CPK and SGOT raised in 8 out of 12 patients. CPK of patient of myositis was 5098 IU. All of 12 patients had thrombocytopenia. WBC was in normal range. Dengue virus was isolated in three patients, and it was of serotype 1. CSF was normal in all. Within 24 hours, those with hypokalemia recovered by potassium correction. Conclusions: It was concluded that the dengue virus infection led to acute neuromuscular weakness because of hypokalemia, myositis, and Guillain-Barré syndrome. It was suggested to look for presence of hypokalemia in such patients.

  4. Medical back belt with integrated neuromuscular electrical stimulation

    NARCIS (Netherlands)

    Bottenberg, E. (Eliza); Brinks, G.J. (Ger); Hesse, J. (Jenny)

    2014-01-01

    The medical back belt with integrated neuromuscular electrical stimulation is anorthopedic device, which has two main functions. The first function is to stimulate the backmuscles by using a neuromuscular electrical stimulation device that releases regular,electrical impulses. The second function of

  5. Neuromuscular function during a forward lunge in meniscectomized patients

    DEFF Research Database (Denmark)

    Thorlund, Jonas Bloch; Damgaard, Jacob; Roos, Ewa M.

    2012-01-01

    This study aimed to investigate differences in knee joint kinematics, ground reaction force kinetics and neuromuscular activity including muscle coactivation, and medial versus lateral muscle activity during a forward lunge between the operated and contralateral legs of meniscectomized patients....... Such differences may represent early changes in neuromuscular function potentially contributing to the development of knee osteoarthritis....

  6. Recent achievements in restorative neurology: Progressive neuromuscular diseases

    International Nuclear Information System (INIS)

    Dimitrijevic, M.R.; Kakulas, B.A.; Vrbova, G.

    1986-01-01

    This book contains 27 chapters. Some of the chapter titles are: Computed Tomography of Muscles in Neuromuscular Disease; Mapping the Genes for Muscular Dystrophy; Trophic Factors and Motor Neuron Development; Size of Motor Units and Firing Rate in Muscular Dystrophy; Restorative Possibilities in Relation to the Pathology of Progressive Neuromuscular Disease; and An Approach to the Pathogenesis of some Congenital Myopathies

  7. Influência da nifedipina no bloqueio neuromuscular produzido pelo atracúrio e pelo cisatracúrio: estudo em preparações nervo frênico-diafragma de rato Influencia de la nifedipina en el bloqueo neuromuscular producido por atracurio y cisatracurio: estudio en preparación nervio frénico diafragma de ratón Influence of nifedipine on the neuromuscular block produced by atracurium and cistracurium: study in rat phrenic-diaphragmatic nerve preparation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silmara Rodrigues de Sousa

    2006-04-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Os bloqueadores de canais de cálcio podem interagir com bloqueadores neuromusculares potencializando seus efeitos. Os estudos sobre essa interação mostram resultados controversos. Em alguns estudos essas drogas produziram bloqueio neuromuscular, ou contratura, ou nenhum efeito sobre as respostas musculares esqueléticas foi evidenciado. O estudo avaliou, em diafragma de rato, os efeitos da nifedipina sobre a resposta muscular e sua possível interação com os bloqueadores neuromusculares. MÉTODO: Foram utilizados 25 ratos, com peso entre 250 e 300 g sacrificados sob anestesia com pentobarbital (40 mg.kg -1 por via intraperitonial. A preparação foi montada de acordo com a técnica descrita por Bulbring. O diafragma foi mantido sob tensão, ligado a um transdutor isométrico e submetido à estimulação indireta de 0,1 Hz de freqüência. As contrações do diafragma foram registradas em fisiógrafo. Para avaliação dos efeitos das drogas na transmissão neuromuscular, estas foram adicionadas isoladamente ou associadas à preparação, nas seguintes concentrações: nifedipina (4 µg.mL-1; atracúrio (20 µg.mL-1; cisatracúrio (3 µg.mL-1. Nas preparações nervo frênico-diafragma avaliaram-se: 1 a amplitude das respostas do músculo diafragma à estimulação indireta, antes e 45 minutos após a adição da nifedipina e dos bloqueadores neuromusculares isoladamente e após a associação das drogas; 2 os efeitos da nifedipina nos potenciais de membrana (PM e potenciais de placa terminal em miniatura (PPTM. RESULTADOS: A nifedipina empregada isoladamente não alterou a amplitude das respostas musculares, mas aumentou significativamente a atividade bloqueadora neuromuscular do atracúrio e do cisatracúrio. Não alterou o potencial de membrana e ocasionou aumento inicial na freqüência dos PPTM, seguido de bloqueio. CONCLUSÕES: A nifedipina na concentração empregada potencializou o bloqueio neuromuscular

  8. Efeitos do treinamento de força específico no desempenho de nadadores velocistas treinados com parachute

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Danilo Sales Bocalini

    2010-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: verificar os efeitos do treinamento de força específico no desempenho de nadadores velocistas. METODOLOGIA: dois grupos de nadadores randomizados em treinados sem (TSP, n: 8 e com parachute (TCP, n: 12 foram submetidos a treinamento de 12 semanas (6 x semana; 1 sessão de 2 h/dia, sendo avaliados a força muscular (FMMI; a força específica (FE e o tempo de sustentação de força (TSF; o número de braçadas em 50m (NB 50m; o tempo e a velocidade de nado em 15 (V 15m e 50m (V 50m, antes e após o protocolo. RESULTADOS: após o programa de treinamento, não ocorreram modificações na FMMI e V 15m para ambos os grupos. Nas demais variáveis houve melhora significante (p 18%; FE (> 30%; TSF (> 35%; NB 50m ( 16%. O grupo TSP apresentou melhora no TSF (> 9%. CONCLUSÃO: o emprego do parachute foi eficiente em melhorar os parâmetros de força e no desempenho no teste de 50m

  9. Electrophysiological study in neuromuscular junction disorders

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ajith Cherian

    2013-01-01

    Full Text Available This review is on ultrastructure and subcellular physiology at normal and abnormal neuromuscular junctions. The clinical and electrophysiological findings in myasthenia gravis, Lambert-Eaton myasthenic syndrome (LEMS, congenital myasthenic syndromes, and botulinum intoxication are discussed. Single fiber electromyography (SFEMG helps to explain the basis of testing neuromuscular junction function by repetitive nerve stimulation (RNS. SFEMG requires skill and patience and its availability is limited to a few centers. For RNS supramaximal stimulation is essential and so is display of the whole waveform of each muscle response at maximum amplitude. The amplitudes of the negative phase of the first and fourth responses are measured from baseline to negative peak, and the percent change of the fourth response compared with the first represents the decrement or increment. A decrement greater than 10% is accepted as abnormal and smooth progression of response amplitude train and reproducibility form the crux. In suspected LEMS the effect of fast rates of stimulation should be determined after RNS response to slow rates of stimulation. Caution is required to avoid misinterpretation of potentiation and pseudofacilitation.

  10. Motor neuron, nerve, and neuromuscular junction disease.

    Science.gov (United States)

    Finsterer, Josef; Papić, Lea; Auer-Grumbach, Michaela

    2011-10-01

    The aim is to review the most relevant findings published during the last year concerning clinical, genetic, pathogenic, and therapeutic advances in motor neuron disease, neuropathies, and neuromuscular junction disorders. Studies on animal and cell models have improved the understanding of how mutated survival motor neuron protein in spinal muscular atrophy governs the pathogenetic processes. New phenotypes of SOD1 mutations have been described. Moreover, animal models enhanced the insight into the pathogenetic background of sporadic and familial amyotrophic lateral sclerosis. Novel treatment options for motor neuron disease have been described in humans and animal models. Considerable progress has been achieved also in elucidating the genetic background of many forms of inherited neuropathies and high clinical and genetic heterogeneity has been demonstrated. Mutations in MuSK and GFTP1 have been shown to cause new types of congenital myasthenic syndromes. A third type of autoantibodies (Lrp4) has been detected to cause myasthenia gravis. Advances in the clinical and genetic characterization of motor neuron diseases, neuropathies, and neuromuscular transmission defects have important implications on the fundamental understanding, diagnosis, and management of these disorders. Identification of crucial steps of the pathogenetic process may provide the basis for the development of novel therapeutic strategies.

  11. Efeitos hemodinâmicos e vasculares do treinamento resistido: implicações na doença cardiovascular Hemodynamic and vascular effects of resistance training: implications for cardiovascular disease

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Umpierre

    2007-10-01

    Full Text Available O treinamento resistido tem sido proposto como possível estratégia para prevenção e reabilitação cardiovascular, e nesse contexto esta revisão descreve os efeitos cardiovasculares mediados por esse tipo de intervenção. O incremento tanto na força muscular quanto na capacidade para realização de tarefas do dia-a-dia são benefícios bem caracterizados ante esse tipo de treinamento. Mais recentemente, estudos que utilizaram a avaliação hemodinâmica verificaram estabilidade cardiovascular em pacientes com doença coronariana ou insuficiência cardíaca durante a realização de exercício resistido, sem aparentes prejuízos na função ventricular ou aumento exacerbado na pressão arterial ao exercício. Adicionalmente, a pressão arterial em repouso também parece ser influenciada pelo treinamento resistido crônico, apresentando leve redução tanto para a pressão arterial sistólica (PAS quanto para a pressão arterial diastólica (PAD. A mensuração dos níveis pressóricos após uma única sessão de exercício resistido demonstra ocorrência da hipotensão pós-exercício em indivíduos normais e hipertensos; contudo, há controvérsias quanto à intensidade de esforço necessária para indução desse efeito. Recentemente, estudos de intervenção têm investigado o exercício resistido sob o prisma vascular, avaliando a complacência arterial, assim como a função endotelial. Apesar dos poucos experimentos disponíveis, evidências têm demonstrado uma potencial influência do treinamento resistido sobre a redução da complacência arterial. Por sua vez, o fluxo sangüíneo periférico apresenta-se aumentado após o treinamento resistido, ao passo que a função endotelial parece melhorada especialmente após o treinamento combinado. Pesquisas adicionais são necessárias para análise da eficácia dessa intervenção sobre desfechos validados, e para aprofundamento de mecanismos fisiológicos responsáveis pelas adapta

  12. Treinamento esfincteriano precoce: prevalência, características materna da criança e fatores associados numa coorte de nascimentos Early toilet training: prevalence, the characteristics of the mother and of the child and associated factors in a cohort of births

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Denise Marques Mota

    2008-03-01

    Full Text Available OBJETIVOS: avaliar a prevalência de crianças sem fraldas, a idade de início do treinamento esfincteriano e a expectativa materna em relação à aquisição deste controle numa coorte de nascimentos. MÉTODOS: todas as crianças nascidas em 2004 em Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil, foram incluídas em um estudo longitudinal. Aos 12 meses, as crianças tiveram seu desenvolvimento avaliado e as mães questionadas sobre o início do treinamento esfincteriano e expectativa em relação à idade da retirada das fraldas. Diferenças entre grupos foram avaliadas através de testes qui-quadrado para heterogeneidade e tendência linear. RESULTADOS: aos 12 meses de idade, 14,7% das mães tinham iniciado o treinamento esfincteriano. Apenas 2,2% receberam orientação pediátrica sobre retirada de fraldas. Os grupos de mães com maior prevalência de início de treinamento aos 12 meses foram as do primeiro quintil econômico, cinco a oito anos de escolaridade, adolescentes e maiores de 40 anos. Dois terços acham que o momento para deixar as fraldas é antes dos 18 meses; 1,3% das crianças estão sem fraldas de dia. CONCLUSÕES: o treinamento esfincteriano começou precocemente em uma parcela significativa destas crianças, sendo desprezível a proporção de mães orientadas pelos pediatras. Informações sobre o momento ideal e métodos adequados de controle esfincteriano devem ser oferecidas às mães, no contexto da puericultura e atenção básica à saúde.OBJECTIVES: to assess the prevalence of children not using diapers, the age at which toilet training started and the mother's expectations regarding the attainment of this in a cohort of births. METHODS: all children born in 2004 in the city of Pelotas, in the State of Rio Grande do Sul, Brazil, were enrolled in a longitudinal study. At the age of 12 months they were assessed for their development. Mothers were questioned regarding the beginning of toilet training and parental expectations in

  13. Morfologia testicular de ratos Wistar obesos sedentários e submetidos a treinamento físico = Testicular morphology in obese and sedentary Wistar rats submitted to physical training

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ken Sekine Takashiba

    2011-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar morfologicamente os efeitos da dieta de cafeteria e o treinamento físico em esteira sobre o testículo de ratos Wistar. Ratos machos adultos foram divididos em grupos (sedentário-controle; sedentário-cafeteria; treinado-controle; e treinadocafeteria. Para comprovar a instalação da obesidade calculou-se o índice de Lee e o peso dos tecidos adiposos periepididimal e retroperitoneal. A análise testicular envolveu o peso da gônada e após processamento histológico e coloração por Hematoxilina-Eosina, os parâmetros de diâmetro tubular, altura do epitélio seminífero, identificação dos tipos celulares presentes nos túbulos seminíferos, contagem de células e rendimento geral da espermatogênese. O aumento significativo do Índice de Lee e do peso dos tecidos adiposos, nos grupos que receberam dieta de cafeteria, comprovou a instalação da obesidade e indicou ser este um modelo adequado para induzir obesidade experimental. Não houve efeito da dieta ou do treinamento sobre o peso testicular, diâmetro tubular e altura do epitélio seminífero não havendo também diferenças na organização histológica dos testículos e túbulos seminíferos. Após quantificação celular e cálculo dos índices mitótico e meiótico e da capacidade total de suporte das células de Sertoli, verificamos efeito positivo do treinamento físico, independente da dieta recebida, sobre o rendimento geral da espermatogênese.The aim of this study was to morphologically evaluate the effects of the cafeteria diet and physical training on the testicles of adult Wistar rats. Adult male rats were divided into groups (sedentary-control, sedentary-cafeteria, trained-control, and trainedcafeteriaIn order to state the obesity condition both the Lee index and the weight of retroperitoneal and periepididymal adipose tissues were calculated. The testicular analysis involved the gonad weight and after the histological processing

  14. Impact of neuromuscular electrical stimulation on functional capacity of patients with chronic kidney disease on hemodialysis.

    Science.gov (United States)

    Roxo, Renata Spósito; Xavier, Vivian Bertoni; Miorin, Luiz Antônio; Magalhães, Andrea Olivares; Sens, Yvoty Alves Dos Santos; Alves, Vera Lúcia Dos Santos

    2016-01-01

    Literature shows that patients undergoing hemodialysis present poor physical conditioning and low tolerance to exercise. They may also suffer from respiratory dysfunctions. The purpose of this study was to evaluate the effects of neuromuscular electrical stimulation on pulmonary function and functional capacity of patients with chronic kidney disease on hemodialysis. Forty adult patients with chronic kidney disease on hemodialysis were prospectively studied and randomized into two groups (control n = 20 and treatment n = 20). The treatment group underwent bilateral femoral quadriceps muscles electrical stimulation for 30 minutes during hemodialysis, three times per week, for two months. The patients were evaluated by pulmonary function test, maximum respiratory pressures, maximum one-repetition test, and six-minute walk test (6MWT), before and after the treatment protocol. The treatment group presented increased maximum inspiratory (MIP) (p = 0.02) and expiratory pressures (MEP) (p grupos (controle n = 20 e tratamento n = 20). O grupo tratamento realizou protocolo com estimulação elétrica neuromuscular em quadríceps femoral por 30 minutos durante a hemodiálise, três vezes por semana, durante dois meses. Todos pacientes realizaram espirometria, pressões respiratórias máximas, teste de uma repetição máxima e teste da caminhada dos seis minutos (TC6), antes e após o período de acompanhamento. O grupo tratamento apresentou aumento da pressão inspiratória máxima com p = 0,02 na comparação entre grupos e p grupo de tratamento com p grupo controle. A estimulação elétrica neuromuscular teve impacto positivo sobre a função pulmonar e a capacidade funcional levando ao melhor desempenho físico em pacientes em hemodiálise.

  15. Neuromuscular blockade in cardiac surgery: An update for clinicians

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hemmerling Thomas

    2008-01-01

    Full Text Available There have been great advancements in cardiac surgery over the last two decades; the widespread use of off-pump aortocoronary bypass surgery, minimally invasive cardiac surgery, and robotic surgery have also changed the face of cardiac anaesthesia. The concept of "Fast-track anaesthesia" demands the use of nondepolarising neuromuscular blocking drugs with short duration of action, combining the ability to provide (if necessary sufficiently profound neuromuscular blockade during surgery and immediate re-establishment of normal neuromuscular transmission at the end of surgery. Postoperative residual muscle paralysis is one of the major hurdles for immediate or early extubation after cardiac surgery. Nondepolarising neuromuscular blocking drugs for cardiac surgery should therefore be easy to titrate, of rapid onset and short duration of action with a pathway of elimination independent from hepatic or renal dysfunction, and should equally not affect haemodynamic stability. The difference between repetitive bolus application and continuous infusion is outlined in this review, with the pharmacodynamic and pharmacokinetic characteristics of vecuronium, pancuronium, rocuronium, and cisatracurium. Kinemyography and acceleromyography are the most important currently used neuromuscular monitoring methods. Whereas monitoring at the adductor pollicis muscle is appropriate at the end of surgery, monitoring of the corrugator supercilii muscle better reflects neuromuscular blockade at more central, profound muscles, such as the diaphragm, larynx, or thoraco-abdominal muscles. In conclusion, cisatracurium or rocuronium is recommended for neuromuscular blockade in modern cardiac surgery.

  16. Adequabilidade dos principais modelos de periodização do treinamento esportivo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Estélio Henrique Martin Dantas

    2011-06-01

    Full Text Available O estudo identificou, sob o prisma da adequabilidade, qual o melhor modelo de periodização do treinamento esportivo (PTE. Foram considerados dois indicadores: a estrutura da periodização e a forma de modulação da carga. Foi utilizada a metanálise como ferramenta metodológica. 103 citações foram levantadas numa pesquisa sistemática, em bases de dados. A avaliação pelos critérios estabelecidos indicou cinco modelos de PTE passíveis de estudo. A análise estatística, empregando o tamanho efeito (TE, gerou um Índice de Adequabilidade (IADEQ e a classificação dos modelos em: Muito Bom - Matveev (IADEQ = 3,44; TE = 1,13; Bom - Verkhoshansky (IADEQ = 2,88; TE = 0,57, Bompa (IADEQ = 2,66; TE = 0,34 e Regular - ATR (IADEQ = 1,96; TE = -0,37, Forteza (IADEQ = 2,25; TE = -0,07.

  17. Influência do lítio no bloqueio neuromuscular produzido pelo atracúrio e pelo cisatracúrio: estudo em preparações nervo frênico-diafragma de rato Influencia del litio en el bloqueo neuromuscular producido por el atracurio y por el cisatracurio: estudio en preparo nervio frénico-diafragma del ratón Influence of lithium on the neuromuscular blockade produced by atracurium and cisatracurium: study on rat phrenic nerve-diaphragm preparations

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Samanta Cristina Antoniassi Fernandes

    2007-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O lítio, fármaco amplamente utilizado nos distúrbios bipolares, pode interagir com os bloqueadores neuromusculares. Os mecanismos para explicar os seus efeitos na transmissão neuromuscular e a interação com bloqueadores neuromusculares são controversos. O objetivo deste trabalho foi avaliar, em diafragma de rato, os efeitos do lítio sobre a resposta muscular à estimulação indireta e a possível interação com os bloqueadores neuromusculares. MÉTODO: Utilizaram-se ratos com peso entre 250g e 300g, sacrificados sob anestesia com uretana. A preparação nervo frênico-diafragma foi montada de acordo com a técnica descrita por Bulbring. O diafragma foi mantido sob tensão, ligado a um transdutor isométrico e submetido à estimulação indireta de 0,1 Hz de freqüência. As contrações do diafragma foram registradas em fisiógrafo. Da análise da amplitude das respostas musculares avaliaram-se: os efeitos dos fármacos: lítio (1,5 mg.mL-1; atracúrio (20 µg.mL-1 e cisatracúrio (3 µg.mL-1 empregados isoladamente; da associação lítio-bloqueadores neuromusculares; e do lítio no bloqueio neuromuscular produzido pelo atracúrio (35 µg.mL-1 e cisatracúrio (5 µg.mL-1. Os efeitos foram avaliados antes e 45 minutos após a adição dos fármacos. Também foram estudados os efeitos do lítio nos potenciais de membrana (PM e potenciais de placa terminal em miniatura (PPTM. RESULTADOS: O lítio isoladamente não alterou a amplitude das respostas musculares, mas diminuiu significativamente o bloqueio neuromuscular produzido pelo atracúrio e cisatracúrio. Não alterou o PM e ocasionou aumento inicial da freqüência dos PPTM. CONCLUSÕES: O lítio empregado isoladamente não comprometeu a transmissão neuromuscular e aumentou a resistência ao efeito do atracúrio e cisatracúrio. Não mostrou ação sobre a fibra muscular, sendo que as alterações nos potenciais de placa terminal em miniatura evidenciaram a

  18. [The hip joint in neuromuscular disorders].

    Science.gov (United States)

    Strobl, W M

    2009-07-01

    Physiologic motor and biomechanical parameters are prerequisites for normal hip development and hip function. Disorders of muscle activity and lack of weight bearing due to neuromuscular diseases may cause clinical symptoms such as an unstable hip or reduced range of motion. Disability and handicap because of pain, hip dislocation, osteoarthritis, gait disorders, or problems in seating and positioning are dependent on the severity of the disease, the time of occurrence, and the means of prevention and treatment. Preservation of pain-free and stable hip joints should be gained by balancing muscular forces and by preventing progressive dislocation. Most important is the exact indication of therapeutic options such as movement and standing therapy as well as drugs and surgery.

  19. Padronização de um protocolo experimental de treinamento periodizado em natação utilizando ratos Wistar Standardization of an experimental periodized training protocol in swimming rats

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo Gomes de Araujo

    2010-02-01

    Full Text Available Verificar os efeitos de 12 semanas de treinamento periodizado de natação em ratos sobre os valores de glicogênio muscular (GM e hepático (GH, capacidade aeróbia (LAn e anaeróbia (Tlim e creatina quinase (CK. Foram utilizados 70 ratos da linhagem Wistar com 60 dias, adaptados individualmente ao meio líquido por duas semanas. Os animais foram divididos em grupos: controle (GC, n = 40 e periodizado (GP, n = 30; a intensidade do treinamento foi equivalente ao peso corporal do animal (% do PC. O treinamento (T para o GP foi dividido em períodos preparatório básico (PPB, seis semanas, específico (PPE, 4,5 semanas e polimento (PP, 1,5 semana, tendo como estímulos intensidades leve (4% do PC, moderada (5% do PC, pesada (6% do PC e intensa (13% do PC. Vinte e quatro horas após a adaptação, 10 ratos do GC foram sacrificados e avaliados pelo teste de lactato mínimo para mensuração dos valores de linha de base de GM, GH, CK, LAn e Tlim. Os dez animais restantes do GC e GP foram sacrificados ao final de cada período de T. O treinamento periodizado aumentou a concentração de glicogênio muscular ao final do período de polimento. O glicogênio hepático não se alterou no GC, porém no GP houve redução significativa no início do período específico com elevação no período de polimento. A concentração de CK não se modificou ao final dos PPB, PPE e PP. O LAn reduziu ao longo do período experimental no GC, mas ao final do PP para o GP, o LAn atingiu os mesmos valores do início do treinamento. O Tlim aumentou no PP. Desse modo, pode-se concluir que o treinamento periodizado provocou supercompensação energética ao final da periodização. A capacidade anaeróbia aumentou no PP bem como o LAn, que obteve maiores valores em relação ao GC nesse período.The objective of this study was to verify the swimming training periodization responses on aerobic and anaerobic performance, glycogen concentration in muscle (M and liver (L, and

  20. Eficácia do treinamento de habilidades fonológicas em crianças de risco para dislexia Efficacy of phonological skills training program in children under risk of dyslexia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cíntia Cristina Fadini

    2011-10-01

    Full Text Available OBJETIVOS: identificar os sinais da dislexia em escolares de 1ª série e verificar a eficácia do programa de treinamento fonológico em crianças de risco para a dislexia que freqüentam a 1ª série escolar e investigar dentre as crianças de risco que não apresentaram melhora após o treinamento se há presença do quadro de dislexia por meio de diagnóstico interdisciplinar. MÉTODO: participaram deste estudo 30 crianças de 1ª série de ensino público, de ambos os gêneros, na faixa etária de 6 a 7 anos de idade. Neste estudo foi realizada a adaptação brasileira da pesquisa sobre treinamento de habilidades fonológicas composta de pré-testagem, intervenção e pós-testagem. Em situação de pré e pós-testagem, todas as crianças foram submetidas à aplicação do teste para a identificação precoce dos problemas de leitura e aquelas que apresentaram desempenho inferior a 51% das provas do teste foram divididas em Grupo I (GI: composto por 13 crianças submetidas ao programa de treinamento; e em Grupo II (GII: composto por 17 crianças não submetidas ao programa de treinamento. RESULTADOS: os resultados deste estudo revelaram diferenças estatisticamente significantes, evidenciando que das 13 crianças submetidas ao programa, 11 apresentaram melhor desempenho em situação de pós-testagem em relação à pré-testagem. Apenas 2 crianças não responderam à intervenção proposta, sendo submetidas à avaliação interdisciplinar. CONCLUSÃO: a realização do programa de treinamento das habilidades fonológicas foi eficaz para as crianças de risco para dislexia, comprovados pela melhora das habilidades fonológicas e de leitura em situação de pós-testagem em relação à pré-testagem.PURPOSE: to identify the symptoms of dyslexia in 1st grade students and verify the effectiveness of the phonological training program in children under risk of dyslexia and verify children under risk who have not improved after training for

  1. Síndrome de Tako-Tsubo em decorrência de bloqueio neuromuscular residual: relato de caso Síndrome de Tako-Tsubo como consecuencia de bloqueo neuromuscular residual: relato de caso Tako-Tsubo syndrome secondary to residual neuromuscular blockade: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos Guilherme Cunha Cruvinel

    2008-12-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A síndrome de Tako-Tsubo é uma complicação pós-operatória rara, com mortalidade em torno de 5%. O objetivo deste relato é apresentar o bloqueio neuromuscular residual como fator desencadeante da referida síndrome, discutir sobre a mesma e alertar sobre o bloqueio neuromuscular residual. RELATO DO CASO: Paciente do sexo feminino, 61 anos, estado físico ASA I, submetida à anestesia geral associada a bloqueio paravertebral cervical para reparo artroscópico de lesão de manguito rotator. Após extubação foi evidenciado bloqueio neuromuscular residual por meio do exame clínico. Na sala de recuperação pós-anestésica evoluiu com sonolência, taquicardia, hipertensão arterial e acidose respiratória grave. Após a reintubação, evoluiu com parada cardíaca em atividade elétrica sem pulso, revertida com adrenalina e massagem cardíaca externa. Apresentou no pós-operatório elevação de segmento ST, aumento de troponina e acinesia de segmento médio-apical de ventrículo esquerdo com fração de ejeção estimada em 30%. A cineangiocoronariografia mostrou coronárias isentas de ateromatose significativa e grave comprometimento da função sistólica com acinesia inferior e ântero-septo-apical com hipercontratilidade compensatória de suas porções basais. Com o tratamento instituído houve recuperação funcional completa. CONCLUSÕES: O bloqueio neuromuscular residual associado à paralisia diafragmática e possível atelectasia pulmonar levando a insuficiência respiratória, hipercapnia e descarga adrenérgica foram os fatores desencadeantes da síndrome de Tako-Tsubo com sua grave repercussão clínica.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: El Síndrome de Tako-Tsubo es una complicación postoperatoria rara con una mortalidad en torno de un 5%. El objetivo de este relato es presentar el bloqueo neuromuscular residual como factor desencadenante del referido síndrome, discutir sobre él y alertar sobre el bloqueo

  2. Genetics of Pediatric-Onset Motor Neuron and Neuromuscular Diseases

    Science.gov (United States)

    2015-08-24

    Spinal Muscular Atrophy; Charcot-Marie-Tooth Disease; Muscular Dystrophy; Spinal Muscular Atrophy With Respiratory Distress 1; Amyotrophic Lateral Sclerosis; Motor Neuron Disease; Neuromuscular Disease; Peroneal Muscular Atrophy; Fragile X Syndrome

  3. The role of proprioception and neuromuscular stability in carpal instabilities.

    Science.gov (United States)

    Hagert, E; Lluch, A; Rein, S

    2016-01-01

    Carpal stability has traditionally been defined as dependent on the articular congruity of joint surfaces, the static stability maintained by intact ligaments, and the dynamic stability caused by muscle contractions resulting in a compression of joint surfaces. In the past decade, a fourth factor in carpal stability has been proposed, involving the neuromuscular and proprioceptive control of joints. The proprioception of the wrist originates from afferent signals elicited by sensory end organs (mechanoreceptors) in ligaments and joint capsules that elicit spinal reflexes for immediate joint stability, as well as higher order neuromuscular influx to the cerebellum and sensorimotor cortices for planning and executing joint control. The aim of this review is to provide an understanding of the role of proprioception and neuromuscular control in carpal instabilities by delineating the sensory innervation and the neuromuscular control of the carpus, as well as descriptions of clinical applications of proprioception in carpal instabilities. © The Author(s) 2015.

  4. Effects of napping on neuromuscular fatigue in myasthenia gravis.

    Science.gov (United States)

    Kassardjian, Charles D; Murray, Brian J; Kokokyi, Seint; Jewell, Dana; Barnett, Carolina; Bril, Vera; Katzberg, Hans D

    2013-11-01

    The relationship between sleep and neuromuscular fatigue is understood poorly. The goal of this study was to evaluate the effects of napping on quantitative measures of neuromuscular fatigue in patients with myasthenia gravis (MG). Eight patients with mild to moderate MG were recruited. Patients underwent maintenance of wakefulness tests (MWT) and multiple sleep latency tests (MSLT). The Quantitative Myasthenia Gravis Score (QMGS) was measured before nap and after each nap to examine the effects of napping and sleep on neuromuscular weakness. Results showed that QMGS improves only after naps where patients slept more than 5 min but not where patients did not sleep or slept less than 5 min. Daytime napping mitigates neuromuscular fatigue in patients with MG, especially if patients slept for more than 5 min. Copyright © 2013 Wiley Periodicals, Inc.

  5. Neuromuscular fatigue and recovery profiles in individuals with intellectual disability

    OpenAIRE

    Borji , Rihab; Zghal , Firas; Zarrouk , Nidhal; Martin , Vincent; Sahli , Sonia; Rebai , Haithem

    2017-01-01

    International audience; Purpose: This study aimed to explore neuromuscular fatigue and recovery profiles in individuals with intellectual disability (ID) after exhausting submaximal contraction.Methods: Ten men with ID were compared to 10 men without ID. The evaluation of neuromuscular function consisted in brief (3 s) isometric maximal voluntary contraction (IMVC) of the knee extension superimposed with electrical nerve stimulation before, immediately after, and during 33 min after an exhaus...

  6. Treinamento auditivo acusticamente controlado em um indivíduo adulto após traumatismo cranioencefálico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andrea Tortosa Marangoni Castan

    Full Text Available RESUMO A avaliação eletrofisiológica e comportamental do processamento auditivo tem sido uma importante ferramenta para o diagnóstico e monitoramento terapêutico de indivíduos pós traumatismo cranioencefálico. No presente relato de caso o paciente foi submetido à avaliação eletrofisiológica e comportamental do processamento auditivo pré e pós treinamento auditivo acusticamente controlado (TAAC e seis meses após a intervenção. O TAAC foi organizado em oito sessões, enfocando o treinamento das habilidades auditivas de ordenação temporal, fechamento auditivo e figura-fundo. Na avaliação pós TAAC foi observada melhora quanto aos processos gnósicos de codificação, organização e não verbal. Em relação à avaliação eletrofisiológica houve melhora na morfologia e na latência das ondas do potencial evocado auditivo de tronco encefálico e na amplitude do componente potencial evocado auditivo de longa latência (P300. Na reavaliação após 6 meses do TACC foi verificada estabilidade e melhora da avaliação comportamental e eletrofisiológica. O treinamento auditivo acusticamente controlado mostrou-se eficaz ao desenvolver e refinar diferentes habilidades auditivas como demonstrado na avaliação eletrofisiológica e comportamental do processamento auditivo e os benefícios mostraram-se estáveis no longo prazo.

  7. Neuromuscular prehabilitation to prevent osteoarthritis after a traumatic joint injury.

    Science.gov (United States)

    Tenforde, Adam S; Shull, Pete B; Fredericson, Michael

    2012-05-01

    Post-traumatic osteoarthritis (PTOA) is a process resulting from direct forces applied to a joint that cause injury and degenerative changes. An estimated 12% of all symptomatic osteoarthritis (OA) of the hip, knee, and ankle can be attributed to a post-traumatic cause. Neuromuscular prehabilitation is the process of improving neuromuscular function to prevent development of PTOA after an initial traumatic joint injury. Prehabilitation strategies include restoration of normative movement patterns that have been altered as the result of traumatic injury, along with neuromuscular exercises and gait retraining to prevent the development of OA after an injury occurs. A review of the current literature shows that no studies have been performed to evaluate methods of neuromuscular prehabilitation to prevent PTOA after a joint injury. Instead, current research has focused on management strategies after knee injuries, the value of exercise in the management of OA, and neuromuscular exercises after total knee arthroplasty. Recent work in gait retraining that alters knee joint loading holds promise for preventing the development of PTOA after joint trauma. Future research should evaluate methods of neuromuscular prehabilitation strategies in relationship to the outcome of PTOA after joint injury. Copyright © 2012 American Academy of Physical Medicine and Rehabilitation. Published by Elsevier Inc. All rights reserved.

  8. Eficácia do programa de treinamento auditivo em escolares com distúrbios de aprendizagem

    OpenAIRE

    Pinheiro, Fábio Henrique; Nunes, Cristiane Lima; Capellini, Simone Aparecida

    2009-01-01

    Objetivos: Verificar a eficácia terapêutica do programa de treinamento auditivo em escolares com distúrbio de aprendizagem. Método: Participaram deste estudo 40 escolares de 8 a 14 anos, de ambos os gêneros, de 2 a 4ª séries do ensino fundamental. Como procedimentos foram utilizados o Instrumento de Avaliação Seqüencial – CONFIAS e testes de avaliação do processamento auditivo e o programa Audio Training®. Conclusão: Os achados evidenciaram a eficácia do programa pela melhora o...

  9. Uso da termografia infravermelha na análise da termorregulação de cavalo em treinamento

    OpenAIRE

    Moura,Daniella J. de; Maia,Ana Paula de A; Vercellino,Rimena do A; Medeiros,Brenda B. L; Sarubbi,Juliana; Griska,Paulo R

    2011-01-01

    O estresse térmico em equinos aciona mecanismos termorregulatórios, como mudanças no fluxo sanguíneo periférico, para a manutenção da homeostase corporal. A termografia infravermelha permite detectar estas alterações, sendo uma ferramenta útil para avaliar o estresse em animais. Assim, o objetivo deste estudo foi avaliar o uso da termografia infravermelha na termorregulação de equino em condição de treinamento. Foi utilizado um cavalo anglo-árabe, exercitado uma vez ao dia. Foram captadas ima...

  10. Simulador interativo de estabilidade de usinas termelÃtricas de ciclo combinado para projetos, pesquisa e treinamento

    OpenAIRE

    Gabriel Josà Alves dos Santos

    2012-01-01

    Neste trabalho foi desenvolvido o estudo e as aplicaÃÃes das condiÃÃes de estabilidade na operaÃÃo do sistema elÃtrico de potÃncia incorporado em um simulador interativo de usinas termelÃtricas de ciclo combinado, que permita melhorar os processos de treinamento e, consequentemente, o nÃvel de qualidade dos futuros operadores e mantenedores de usinas termelÃtricas, bem como manter atualizados os atuais operadores. Um pequeno conjunto de definiÃÃes e conceitos das Ãreas de âestabilidade, confi...

  11. Respostas cardiopulmonares agudas de mulheres no treinamento de força Acute cardiopulmonary responses of women in strength training

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcio Antônio Gonsalves Sindorf

    2013-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Investigar as respostas cardiopulmonares de uma sessão de treinamento de força em mulheres jovens. MÉTODO: Participaram do estudo 23 mulheres, com idade entre 18 e 29 anos. Todas as voluntárias foram submetidas aos seguintes testes: cardiopulmonar e de uma repetição máxima (1-RM. O protocolo de treinamento de força teve ênfase em hipertrofia muscular, três séries de oito a 12 repetições a 70% de 1-RM, com intervalos de um minuto e 30 segundos entre as séries. Durante a sessão de treinamento foi realizada a medida das variáveis cardiopulmonares por meio de analisador de gases metabólicos e módulo de telemetria. RESULTADOS: Os resultados do consumo de oxigênio da sessão de treinamento foram de 8,43 ± 1,76 ml/kg/min e da frequência cardíaca de 108,08 ± 15,26 bpm. Os resultados do consumo de oxigênio e da frequência cardíaca do treino foram inferiores (p OBJETIVE: Investigate the cardiopulmonary responses of one strength training session in young women. METHOD: Twenty-three women aged between 18 and 29 years participated in this study. All the volunteers were submitted to the following tests: cardiopulmonary and one-repetition maximum (1-RM. The strength training protocol had emphasis on muscular hypertrophy, three sets from eight to twelve repetitions under 70% of 1-RM, with a one minute thirty-second break between sets. During the training session, the cardiopulmonary variables were measured with a metabolic gas analyzer and a telemetry module. RESULTS: The results of the oxygen consumption in the training session were from 8.43 + 1.76 ml/kg/min and of the heart rate of 108.08 + 15.26 bpm. The results of the oxygen consumption and of the heart rate in the training were lower (p < 0.01 than in the ventilatory threshold and of the oxygen consumption and the heart rate reserves. CONCLUSION: The obtained data show that the present protocol of strength training provided low overload to the cardiopulmonary system of

  12. Nível de desidratação após treinamento de ciclismo indoor

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Nery

    2014-07-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A desidratação no ciclismo indoor é um tema pouco estudado na literatura. OBJETIVO: Verificar o nível de desidratação dos praticantes de ciclismo indoor após a atividade, assim como a presença de proteínas na urina. MÉTODOS: Foram recrutados 30 homens (25,5 ± 3,9 anos, praticantes de ciclismo indoor, que realizaram um treinamento de 50 minutos de ciclismo indoor de característica intermitente: a 5 minutos de aquecimento sem carga e com alta velocidade; b 40 minutos de treinamento intermitente (alternando seis ciclos intensos de 5 minutos e cinco ciclos leves de 3 minutos; c cinco minutos de volta à calma sem carga e com regressão da velocidade. Para a verificação do estado de hidratação, foram avaliados: massa corporal, desidratação relativa e absoluta, grau de desidratação, taxa de sudorese e densidade da urina. A intensidade do treino foi verificada por meio da frequência cardíaca e percepção subjetiva de esforço. RESULTADOS: A perda de massa corporal após o treinamento foi significativa (0,523 ± 0,362 kg e correspondeu a um percentual de desidratação de 0,69 ± 0,47%. Nenhum sujeito apresentou nível elevado de desidratação. Com relação à perda proteica na urina, 83,3% dos sujeitos apresentaram baixo nível de proteínas na urina, enquanto 16,7% apresentaram níveis moderados. CONCLUSÃO: A desidratação e a perda de proteínas na urina apresentaram baixos níveis após o treinamento de ciclismo indoor.

  13. Avaliação de treinamento a distância : reação, suporte à transferência e impactos no trabalho

    OpenAIRE

    Carvalho, Renata Silveira; Abbad, Gardênia da Silva

    2006-01-01

    O uso da Internet em treinamentos a distância vem sendo enfatizado, porém se percebem poucas avaliações sistemáticas dessas intervenções. A presente pesquisa avalia modelos de predição de três variáveis critério: Escores de Aprendizagem e Impacto do Treinamento no Trabalho, medido em Profundidade e em Amplitude. As variáveis antecedentes dos modelos integram os componentes de Reação, Características da Clientela e Suporte à Transferência. Foi avaliado um curso a distância, medi...

  14. Efeitos de longo prazo do treinamento resistido na pressão arterial: uma revisão sistemática

    OpenAIRE

    Paulo Eduardo Carnaval Pereira da Rocha; Vladimir Schuindt da Silva; Luiz Antonio Bastos Camacho; Ana Glória Godoi Vasconcelos

    2017-01-01

    Estudos têm verificado os efeitos benéficos do exercício aeróbico na modificação da pressão arterial (PA), entretanto poucos estudos avaliaram os efeitos a longo prazo do treinamento resistido na variação desse desfecho. Assim, o objetivo do estudo foi verificar por meio de uma revisão sistemática a ação de longo prazo do treinamento resistido na PA. Realizaram-se buscas nas bases Medline via Pubmed, Science Direct, Scopus, Web Science e Lilacs. Foram encontrados 751 artigos dos quais 22 fize...

  15. INFLUÊNCIA DA PERIODIZAÇÃO DO TREINAMENTO COM PESOS NA MASSA CORPORAL MAGRA EM JOVENS ADULTOS DO SEXO MASCULINO: UM ESTUDO DE CASO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vinícius Peraro Ramalho

    2008-05-01

    Full Text Available A preocupação do treinador em organizar o treinamento de modo à proporcionar ao atleta uma ótima resposta adaptativa, levando em consideração os objetivos definidos, tem sido um alvo almejado desde a década de 1960. Considerando a importância do planejamento do treinamento, o presente estudo teve como objetivo analisar a influência dos modelos de mesociclo linear e não-linear aplicados ao treinamento com pesos, no aumento da massa corporal magra. O estudo caracterizou-se como pesquisa quase-experimental. A amostra foi constituída de oito homens que se encontravam num nível intermediário de treinamento, divididos em dois grupos experimentais. O grupo 1 realizou o treinamento com base no modelo linear ou estável (sem variação da sobrecarga de semana para semana, e o grupo 2 realizou o treinamento baseado no modelo não-linear ou ondulante (com variação da sobrecarga de semana para semana, ambos num período de oito semanas. Na coleta de dados utilizou-se uma fita métrica para as medidas antropométricas de circunferência, uma balança da marca Filizola para a aferição do peso e um adipômetro da marca Cescorf para a medida da espessura das dobras cutâneas utilizadas na estimativa da composição corporal. As médias obtidas no pré e no pós-teste dos grupos foram comparadas pelo teste “t” de student a um nível de significância de 5% (p < ou =0,05. Analisando os resultados obtidos na comparação do pós-teste entre o grupo 1 e o grupo 2, pode-se concluir que não houve diferenças estatisticamente significativas, porém, o grupo 2, com base no modelo de treinamento não-linear de musculação, obteve um aumento estatisticamente significativo na massa corporal magra, na comparação entre o seu pré e pós-teste, levando a crer que a estruturação dos mesociclos utilizando esse modelo seja uma forma eficaz e segura para a sua aplicação no treinamento de força visando a hipertrofia muscular.

  16. EFEITO AGUDO DA ORDEM DE EXERCÍCIOS TRADICIONAL E PRÉ-EXAUSTÃO NO TREINAMENTO DE FORÇA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Enrico Gori Soares

    2016-02-01

    Full Text Available RESUMO Introdução: Diferentes ordens no sequenciamento dos exercícios na musculação podem afetar o desempenho neuromuscular. Objetivo: Investigar o efeito da ordem dos exercícios de musculação (pré-exaustão, (PE e tradicional, (TR sobre o desempenho e atividade muscular de peitoral maior (PM e tríceps braquial (TB durante a realização dos exercícios de supino reto (SR e tríceps na polia (TP. Métodos: A amostra foi composta de 14 homens treinados (idade: 25±4 anos, estatura: 175±4 cm, massa: 80±11 kg. O experimento foi conduzido em duas sessões. Na primeira, foi realizada a familiarização e determinação de 10 repetições máximas (RM nos exercícios SR e TP. A segunda foi dividida em duas fases. A primeira fase avaliou o desempenho dos exercícios isoladamente, considerado o controle (CON. A segunda fase, avaliou duas diferentes ordens de exercícios: pré-exaustão, PE (TP e SR e tradicional, TRAD (SR e TP. Foram avaliados o desempenho e a atividade muscular do PM e TB. One-wayANOVA foi utilizada para comparar as condições. ANOVA (2x3 de medidas repetidas foi utilizada para comparar a atividade muscular. Resultados: Os resultados demonstraram um menor número de RM no TP na condição TRAD em comparação com CON e PE. Foi observado um menor número de RM no exercício SR na condição PE em comparação com CON e TRAD. Quanto à atividade muscular avaliada pela eletromiografia integrada não foram observadas diferenças significantes para PM e TB durante a realização dos exercícios em todas as condições. Conclusão: Conclui-se que em ambas as estratégias o número de RM realizadas no segundo exercício foi reduzida, entretanto não foram observadas alterações na ativação dos músculos principais de cada exercício.

  17. Rocuronium and sugammadex in a 3 days old neonate for draining an ovarian cyst. Neuromuscular management and review of the literature

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Vieira Carlos

    2016-07-01

    Full Text Available A case is reported in which a 3-days old neonate with a giant ovarian cyst was scheduled for surgery. The patient received a dose of sugammadex to reverse a rocuronium-induced neuromuscular block. A fast and efficient recovery from neuromuscular block was achieved within 90 s. No adverse events or other safety concerns were observed. Furthermore, a review of the literature on the use of sugammadex in neonates was performed. Resumo: Relato do caso de uma criança recém-nascida de 3 dias de idade com um cisto ovariano gigante programada para a cirurgia. A paciente recebeu uma dose de sugamadex para reverter o bloqueio neuromuscular induzido por rocurônio. Uma recuperação rápida e eficiente do bloqueio neuromuscular foi obtida dentro de 90 segundos. Não foram observados efeitos adversos ou outros problemas de segurança. Além disso, uma revisão da literatura sobre o uso de sugamadex em recém-nascidos foi realizada. Keywords: Neonates, Ovarian cyst, Sugammadex, Rocuronium, Reversal agent, Palavras-chave: Recém-nascidos, Cisto ovariano, Sugammadex, Rocurônio, Agente de reversão

  18. Terapia comunitária - do sofrimento difuso para a construção de significados: um modelo de acolhimento, aplicação e treinamento no campo da saúde mental

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tânia Madureira Dallalana

    2016-12-01

    Full Text Available Este artigo é um relato de experiência sobre a aplicação e o treinamento da Terapia Comunitária Integrativa no ambulatório de saúde mental do Complexo Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná /EBSERH. Foram realizados 300 encontros de Terapia Comunitária Integrativa criando contexto terapêutico para escutar o sofrimento do outro em cada encontro do grupo; compartilhar a experiência emocionada dessa percepção relatando a própria vivência significativa e a resolução escolhida para transformar o sofrimento vivido em aprendizagens compartilhadas; reforçar as competências: individual, familiar, comunitária e cultural; desenvolver processos intersubjetivos de prevenção em saúde mental. A terapia comunitária ativa a experiência de acolhimento do sofrimento; propõe e reforça a participação e valorização da rede social; promove reflexão pela liberdade e legitimidade de narrativa de todos os presentes no espaço da terapia; e convoca a todos para a construção singular e coletiva de inter-relações mais comprometidas com o cuidado da vida.

  19. The neuromuscular differential diagnosis of joint hypermobility.

    Science.gov (United States)

    Donkervoort, S; Bonnemann, C G; Loeys, B; Jungbluth, H; Voermans, N C

    2015-03-01

    Joint hypermobility is the defining feature of various inherited connective tissue disorders such as Marfan syndrome and various types of Ehlers-Danlos syndrome and these will generally be the first conditions to be considered by geneticists and pediatricians in the differential diagnosis of a patient presenting with such findings. However, several congenital and adult-onset inherited myopathies also present with joint hypermobility in the context of often only mild-to-moderate muscle weakness and should, therefore, be included in the differential diagnosis of joint hypermobility. In fact, on the molecular level disorders within both groups represent different ends of the same spectrum of inherited extracellular matrix (ECM) disorders. In this review we will summarize the measures of joint hypermobility, illustrate molecular mechanisms these groups of disorders have in common, and subsequently discuss the clinical features of: 1) the most common connective tissue disorders with myopathic or other neuromuscular features: Ehlers-Danlos syndrome, Marfan syndrome and Loeys-Dietz syndrome; 2) myopathy and connective tissue overlap disorders (muscle extracellular matrix (ECM) disorders), including collagen VI related dystrophies and FKBP14 related kyphoscoliotic type of Ehlers-Danlos syndrome; and 3) various (congenital) myopathies with prominent joint hypermobility including RYR1- and SEPN1-related myopathy. The aim of this review is to assist clinical geneticists and other clinicians with recognition of these disorders. © 2015 Wiley Periodicals, Inc.

  20. Assessment of Motor Units in Neuromuscular Disease.

    Science.gov (United States)

    Henderson, Robert D; McCombe, Pamela A

    2017-01-01

    The motor unit comprises the anterior horn cell, its axon, and the muscle fibers that it innervates. Although the true number of motor units is unknown, the number of motor units appears to vary greatly between different muscles and between different individuals. Assessment of the number and function of motor units is needed in diseases of the anterior horn cell and other motor nerve disorders. Amyotrophic lateral sclerosis is the most important disease of anterior horn cells. The need for an effective biomarker for assessing disease progression and for use in clinical trials in amyotrophic lateral sclerosis has stimulated the study of methods to measure the number of motor units. Since 1970 a number of different methods, including the incremental, F-wave, multipoint, and statistical methods, have been developed but none has achieved widespread applicability. Two methods (MUNIX and the multipoint incremental method) are in current use across multiple centres and are discussed in detail in this review, together with other recently published methods. Imaging with magnetic resonance and ultrasound is increasingly being applied to this area. Motor unit number estimates have also been applied to other neuromuscular diseases such as spinal muscular atrophy, compression neuropathies, and prior poliomyelitis. The need for an objective measure for the assessment of motor units remains tantalizingly close but unfulfilled in 2016.

  1. Neuromuscular dentistry: Occlusal diseases and posture.

    Science.gov (United States)

    Khan, Mohd Toseef; Verma, Sanjeev Kumar; Maheshwari, Sandhya; Zahid, Syed Naved; Chaudhary, Prabhat K

    2013-01-01

    Neuromuscular dentistry has been a controversial topic in the field of dentistry and still remains debatable. The issue of good occlusion and sound health has been repeatedly discussed. Sometimes we get complains of sensitive teeth and sometimes of tired facial muscles on getting up in the morning. Owing to the intimate relation of masticatory apparatus with the cranium and cervico-scapular muscular system, the disorders in any system, draw attention from concerned clinicians involved in management, to develop an integrated treatment protocol for the suffering patients. There may be patients reporting to the dental clinics after an occlusal restoration or extraction, having pain in or around the temporomandibular joint, headache or neck pain. Although their esthetic demands must not be undermined during the course of treatment plan, whenever dental treatment of any sort is planned, occlusion/bite should be given prime importance. Very few dentist are able to diagnose the occlusal disease and of those who diagnose many people resort to aggressive treatment modalities. This paper aims to report the signs of occlusal disease, and discuss their association with TMDs and posture.

  2. Silent synapses in neuromuscular junction development.

    Science.gov (United States)

    Tomàs, Josep; Santafé, Manel M; Lanuza, Maria A; García, Neus; Besalduch, Nuria; Tomàs, Marta

    2011-01-01

    In the last few years, evidence has been found to suggest that some synaptic contacts become silent but can be functionally recruited before they completely retract during postnatal synapse elimination in muscle. The physiological mechanism of developmental synapse elimination may be better understood by studying this synapse recruitment. This Mini-Review collects previously published data and new results to propose a molecular mechanism for axonal disconnection. The mechanism is based on protein kinase C (PKC)-dependent inhibition of acetylcholine (ACh) release. PKC activity may be stimulated by a methoctramine-sensitive M2-type muscarinic receptor and by calcium inflow though P/Q- and L-type voltage-dependent calcium channels. In addition, tropomyosin-related tyrosine kinase B (trkB) receptor-mediated brain-derived neurotrophic factor (BDNF) activity may oppose the PKC-mediated ACh release depression. Thus, a balance between trkB and muscarinic pathways may contribute to the final functional suppression of some neuromuscular synapses during development. © 2010 Wiley-Liss, Inc.

  3. Neuromuscular Fatigue During 200 M Breaststroke

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Conceição

    2014-03-01

    Full Text Available The aims of this study were: i to analyze activation patterns of four upper limb muscles (duration of the active and non-active phase in each lap of 200m breaststroke, ii quantify neuromuscular fatigue, with kinematics and physiologic assessment. Surface electromyogram was collected for the biceps brachii, deltoid anterior, pectoralis major and triceps brachii of nine male swimmers performing a maximal 200m breaststroke trial. Swimming speed, SL, SR, SI decreased from the 1st to the 3rd lap. SR increased on the 4th lap (35.91 ± 2.99 stroke·min-1. Peak blood lactate was 13.02 ± 1.72 mmol·l-1 three minutes after the maximal trial. The EMG average rectified value (ARV increased at the end of the race for all selected muscles, but the deltoid anterior and pectoralis major in the 1st lap and for biceps brachii, deltoid anterior and triceps brachii in the 4th lap. The mean frequency of the power spectral density (MNF decreased at the 4th lap for all muscles. These findings suggest the occurrence of fatigue at the beginning of the 2nd lap in the 200m breaststroke trial, characterized by changes in kinematic parameters and selective changes in upper limb muscle action. There was a trend towards a non-linear fatigue state.

  4. Stem cell route to neuromuscular therapies.

    Science.gov (United States)

    Partridge, Terence A

    2003-02-01

    As applied to skeletal muscle, stem cell therapy is a reincarnation of myoblast transfer therapy that has resulted from recent advances in the cell biology of skeletal muscle. Both strategies envisage the reconstruction of damaged muscle from its precursors, but stem cell therapy employs precursors that are earlier in the developmental hierarchy. It is founded on demonstrations of apparently multipotential cells in a wide variety of tissues that can assume, among others, a myogenic phenotype. The main demonstrated advantage of such cells is that they are capable of colonizing many tissues, including skeletal and cardiac muscle via the blood vascular system, thereby providing the potential for a body-wide distribution of myogenic progenitors. From a practical viewpoint, the chief disadvantage is that such colonization has been many orders of magnitude too inefficient to be useful. Proposals for overcoming this drawback are the subject of much speculation but, so far, relatively little experimentation. This review attempts to give some perspective to the status of the stem cell as a therapeutic instrument for neuromuscular disease and to identify issues that need to be addressed for application of this technology.

  5. Treinamento de sobrecarga muscular não afeta o diâmetro das principais veias dos membros inferiores em mulheres adultas com insuficiência venosa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gigliola Cibele Cunha da Silva

    2010-12-01

    Full Text Available O exercício físico pode promover benefícios na funcionalidade do sistema venoso. Contudo, tratando-se de exercício com sobrecargas musculares, observa-se contraindicações quanto à sua prática diante da possibilidade da mesma estar relacionada ao agravamento das disfunções venosas. OBJETIVO: Analisar os efeitos da prática do exercício com sobrecargas musculares sobre o diâmetro venoso de mulheres fisicamente inativas portadoras de insuficiência venosa crônica de membros inferiores. MÉTODOS: Vinte e duas mulheres com idades entre 21 e 58 anos (34,27 ± 12 anos foram divididas aleatoriamente em dois grupos: experimental (n = 12 e controle (n = 10. O treinamento com cargas foi realizado por 16 semanas, e o diâmetro venoso foi medido nas veias safenas magna (em nível da coxa e perna e parva no membro inferior esquerdo por meio de ecodoppler colorido. Utilizou-se a ANOVA por dois fatores para avaliar as possíveis modificações dos diâmetros entre os grupos e ao longo do tempo (p < 0,05. RESULTADOS: Não foram encontradas alterações significativas nos diâmetros das veias safenas parva (porções superior, média e inferior: p = 0,80, 0,32 e 0,20, respectivamente, magna em nível da perna (p = 0,17, 0,74 e 0,96 e magna em nível da coxa (p = 0,57, 0,67 e 0,52. CONCLUSÃO: A prática do exercício com sobrecargas musculares pode ser considerada um meio de intervenção ou tratamento, uma vez que não promoveu alterações no diâmetro venoso de mulheres que apresentaram insuficiência venosa crônica nos membros inferiores.

  6. Treinamento de músculos inspiratórios em pacientes com quadriplegia Inspiratory muscle training in quadriplegic patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Janne Marques Silveira

    2010-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Determinar se o treinamento de músculos inspiratórios pode aumentar a força e endurance desses músculos em pacientes com quadriplegia. MÉTODOS: Oito pacientes quadriplégicos (7 homens e 1 mulher com lesão medular cervical entre C4 e C7 foram submetidos ao treinamento de músculos inspiratórios utilizando-se um resistor de carga linear ajustado em 30% da PImáx. As sessões de treinamento foram realizadas com os pacientes sentados 5 vezes por semana por 8 semanas. Tempo de endurance, PImáx, PEmáx e CVF foram medidos antes do treinamento e nas semanas 4 e 8. RESULTADOS: Em comparação ao valor basal médio, houve um aumento da PImáx, mensurada na posição sentada, nas semanas 4 e 8 (-83,0 ± 18,9 cmH2O vs. -104,0 ± 19,4 e -111,3 ± 22,7 cmH2O. Houve aumento da PEmáx, também na posição sentada, na semana 4 (de 36,8 ± 8,1 a 42,6 ± 8,8 cmH2O. Houve uma melhora na FVC na 4ª semana (de 2,1 ± 0,8 a 2,5 ± 0,6 L, representando um incremento de 24 ± 22%. O tempo de endurance (sentado não apresentou um aumento significativo entre o momento basal e a semana 8 (29,8 ± 21,0 min vs. 35,9 ± 15,5 min; aumento de 173 ± 233%. CONCLUSÕES: Pacientes com quadriplegia podem se beneficiar com o treinamento com baixas cargas (30% da PImáx, com melhora da força dos músculos inspiratórios, CVF e efetividade dos músculos expiratórios.OBJECTIVE: To determine whether inspiratory muscle training can increase strength and endurance of these muscles in quadriplegic patients. METHODS: Eight quadriplegic patients (7 males and 1 female with injury to the lower cervical spine (segments C4-C7 were submitted to inspiratory muscle training with a threshold inspiratory muscle trainer adjusted to 30% of MIP. The training sessions were carried out with the patients in a sitting position, 5 days a week for 8 weeks. Endurance time, MIP, MEP and FVC were determined at baseline, week 4 and week 8. RESULTS: In comparison with the mean baseline value

  7. Programa de treinamento de consciência fonológica para crianças surdas bilíngües

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Érika Costa de Souza

    2007-04-01

    Full Text Available Um dos pré-requisitos básicos para a aquisição de leitura e escrita é a consciência fonológica. Estudos têm comprovado que quando expostas a um treinamento formal de consciência fonológica as crianças ouvintes melhoram esta habilidade e, conseqüentemente, aprimoram o desenvolvimento da leitura e da escrita. Entretanto, não há evidências deste tipo de procedimento para crianças surdas. Este estudo objetivou estruturar um Programa de Treinamento de Consciência Fonológica para crianças surdas bilingües e verificar sua efetividade. Participaram do estudo quatro crianças, que foram avaliadas quanto à consciência fonológica antes e após o Treinamento de Consciência Fonológica. Foram verificados efeitos positivos nos níveis de consciência fonológica destas crianças após a realização do Treino. Este estudo fornece indícios de que um Treinamento de Consciência Fonológica pode aprimorar o desenvolvimento da consciência fonológica em crianças surdas usuárias de língua de sinais.

  8. Lumbopelvic flexibility modulates neuromuscular responses during trunk flexion-extension.

    Science.gov (United States)

    Sánchez-Zuriaga, Daniel; Artacho-Pérez, Carla; Biviá-Roig, Gemma

    2016-06-01

    Various stimuli such as the flexibility of lumbopelvic structures influence the neuromuscular responses of the trunk musculature, leading to different load sharing strategies and reflex muscle responses from the afferents of lumbopelvic mechanoreceptors. This link between flexibility and neuromuscular response has been poorly studied. The aim of this study was to investigate the relationship between lumbopelvic flexibility and neuromuscular responses of the erector spinae, hamstring and abdominal muscles during trunk flexion-extension. Lumbopelvic movement patterns were measured in 29 healthy women, who were separated into two groups according to their flexibility during trunk flexion-extension. The electromyographic responses of erector spinae, rectus abdominis and biceps femoris were also recorded. Subjects with greater lumbar flexibility had significantly less pelvic flexibility and vice versa. Subjects with greater pelvic flexibility had a higher rate of relaxation and lower levels of hamstring activation during maximal trunk flexion. The neuromuscular response patterns of the hamstrings seem partially modulated by pelvic flexibility. Not so with the lumbar erector spinae and lumbar flexibility, despite the assertions of some previous studies. The results of this study improve our knowledge of the relationships between trunk joint flexibility and neuromuscular responses, a relationship which may play a role in low back pain. Copyright © 2016 Elsevier Ltd. All rights reserved.

  9. Função muscular esquelética e composição corporal de pacientes com hipertireoidismo submetidos ao treinamento contra resistência Skeletal muscle performance and body composition of patients with hyperthyroidism submitted to strength training

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kelb Bousquet Santos

    2001-01-01

    Full Text Available O hipertireoidismo está associado a uma fraqueza muscular generalizada que é parte da manifestação clínica inicial de cerca de 80% dos pacientes. A recuperação da performance muscular esquelética durante o tratamento do hipertireoidismo depende tanto do aumento da massa muscular quanto da melhoria da função intrínseca da musculatura esquelética. Por outro lado, o treinamento contra resistência aumenta a força e a endurance muscular em diferentes grupos de indivíduos. O objetivo do presente trabalho foi avaliar o efeito deste tipo de treinamento sobre a recuperação da função muscular esquelética de pacientes portadores de hipertireoidismo. Os pacientes, atendidos no ambulatório de endocrinologia, diagnosticados clínica e laboratorialmente com doença de Graves, foram submetidos, antes do tratamento e quatro meses após, a medidas antropométricas e testes de força máxima e endurance musculares (sustentando 30% da carga máxima de quatro movimentos [handgrip esquerdo (HE e direito (HD, legpress (LEG, flexão plantar de tornozelo (FPT e supino reto (SR]. Após a avaliação inicial, os pacientes foram divididos em dois grupos: 1 controle (GC - tratamento medicamentoso e 2 treinamento (GT - acrescentado treinamento contra resistência individualizado 2X/semana. Os resultados (GC, n = 3; GT, n = 4; todas do sexo feminino mostram: Os autores concluem que o treinamento contra resistência parece favorecer aumento da massa e da performance muscular esquelética em pacientes com hipertireoidismo.Hyperthyroidism is associated with a general muscle weakness, which is part of the initial clinical manifestation of about 80% of patients. The recovery of skeletal muscle performance during hyperthyroidism treatment depends on both greater muscle mass and improved muscle function. Strength training is an effective method to improve muscle strength and endurance. The purpose of this study was to evaluate the effect of this type of training

  10. Redução da pressão arterial, da IMC e da glicose após treinamento aeróbico em idosas com diabete tipo 2 Decrease in blood pressure, body mass index and glycemia after aerobic training in elderly women with type 2 diabetes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Zaranza Monteiro

    2010-10-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: O processo de envelhecimento associa-se ao desenvolvimento de várias doenças, que podem ser amenizadas pela prática de atividades físicas. O treinamento aeróbico é um meio efetivo para manter e melhorar as funções cardiovasculares. Além disso, desempenha um papel fundamental na prevenção e tratamento de diversas doenças crônico-degenerativas, em especial o diabete melito. OBJETIVO: Verificar os efeitos de 13 semanas de treinamento aeróbico sobre a pressão arterial, o índice de massa corpórea e a glicemia em idosas com diabete tipo 2. MÉTODOS: Onze mulheres idosas diabéticas (61,0 ± 9,1 anos de idade, sedentárias, realizaram 13 semanas de treinamento aeróbico, compondo o grupo G2. Onze idosas (60,2 ± 6,8 anos de idade controladas não realizaram exercícios físicos durante a pesquisa, constituindo o grupo-controle (G1. O grupo G1 foi submetido somente a orientações educativas uma vez na semana, e o grupo G2, a caminhadas três vezes na semana. RESULTADOS: Houve redução significativa da glicemia e da pressão arterial diastólica nos dois grupos. Não foram encontradas reduções significativas no IMC após o treinamento aeróbico em ambos os grupos. CONCLUSÃO: Treze semanas de treinamento aeróbico foi suficiente para promover reduções significativas na pressão arterial diastólica e glicemia, portanto, esse tipo de exercício reduz os fatores de risco para doenças cardiovasculares e metabólicas.BACKGROUND: The aging process is associated with the development of several diseases, which can be attenuated by the practice of physical activities. Aerobic training is an effective method to maintain and improve cardiovascular function. Additionally, it has a crucial role in the prevention and treatment of several chronic-degenerative diseases, especially diabetes mellitus. }OBJECTIVE: To verify the effect of a 13-week aerobic training program on blood pressure (BP, body mass index (BMI and glycemia levels

  11. Efeito do treinamento funcional do assoalho pélvico associado ou não à eletroestimulação na incontinência urinária após prostatectomia radical Effect of functional training for the pelvic floor muscles with or without electrical stimulation in cases of urinary incontinence following radical prostatectomy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    CT Kakihara

    2007-12-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A literatura sobre fisioterapia do assoalho pélvico no tratamento da incontinência urinária após prostatectomia radical é escassa e relata técnicas diferentes de tratamento fisioterapêutico. OBJETIVO: Avaliar o efeito do tratamento fisioterapêutico na recuperação da continência urinária de pacientes submetidos a prostatectomia radical utilizando treinamento funcional do assoalho pélvico acompanhado ou não da eletroestimulação. MÉTODO: Foram selecionados 20 pacientes com incontinência urinária pós-prostatectomia radical. Os pacientes foram distribuídos ao acaso em grupos controle e de investigação. O grupo de investigação, composto por 10 pacientes, recebeu como tratamento fisioterapêutico o treinamento funcional do assoalho pélvico e a eletroestimulação. O grupo controle, composto por 10 pacientes, recebeu como tratamento fisioterapêutico o treinamento funcional do assoalho pélvico. Todos os pacientes foram reavaliados 3 meses, 6 meses e 12 meses após o início do tratamento por meio de "pad test", Escala Visual Análoga (EVA da incontinência, Escala Visual Análoga (EVA do problema e número de fraldas utilizadas. RESULTADOS: Houve diminuição estatisticamente significante entre a avaliação inicial e o 12º mês do "pad test", da EVA incontinência, da EVA problema e do número de fraldas no grupo controle e no grupo de investigação. Entretanto, não foi encontrada diferença estatisticamente significante quando comparadas as mesmas variáveis entre os dois grupos. DISCUSSÃO E CONCLUSÃO: Não houve melhora adicional no tratamento com treinamento funcional do assoalho pélvico associado à eletroestimulação quando comparado com o tratamento apenas com treinamento funcional do assoalho pélvico. Entretanto, nos dois grupos, houve melhora significante da incontinência urinária.INTRODUCTION: Literature on physical therapy for the pelvic floor muscles to treat urinary incontinence following

  12. Pharmacokinetic studies of neuromuscular blocking agents: Good Clinical Research Practice (GCRP)

    DEFF Research Database (Denmark)

    Viby-Mogensen, J.; Østergaard, D.; Donati, F.

    2000-01-01

    Good Clinical Research Practice (GCRP), neuromuscular blocking agents, pharmacokinetics, pharmacokinetic/pharmacodynamic modeling, population pharmacokinetics, statistics, study design......Good Clinical Research Practice (GCRP), neuromuscular blocking agents, pharmacokinetics, pharmacokinetic/pharmacodynamic modeling, population pharmacokinetics, statistics, study design...

  13. Reversal of profound rocuronium neuromuscular blockade by sugammadex in anesthetized rhesus monkeys.

    NARCIS (Netherlands)

    Boer, H.D. de; Egmond, J. van; Pol, F. van de; Bom, A.; Booij, L.H.D.J.

    2006-01-01

    BACKGROUND: Reversal of neuromuscular blockade can be accomplished by chemical encapsulation of rocuronium by sugammadex, a synthetic gamma-cyclodextrin derivative. The current study determined the feasibility of reversal of rocuronium-induced profound neuromuscular blockade with sugammadex in the

  14. Treinamento de habilidades fonológicas e correspondência grafema-fonema em crianças de risco para dislexia Phonological skills and grapheme-phoneme training correspondence in children under dyslexia risk

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maryse Tomoko Matsuzawa Fukuda

    2011-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: verificar a eficácia do programa de treinamento fonológico e correspondência grafema-fonema em crianças de risco para dislexia da 1ª série. MÉTODOS: participaram deste estudo 30 crianças de 1ª série de ensino público, de ambos os gêneros, na faixa etária de 6 a 7 anos de idade. Neste estudo foi realizada a adaptação brasileira da pesquisa sobre treinamento de habilidades fonológicas e correspondência grafema-fonema composta de pré-testagem, intervenção e pós-testagem. Em situação de pré e pós-testagem, todas as crianças foram submetidas à aplicação do teste para identificação precoce dos problemas de leitura e aquelas que apresentaram desempenho inferior a 51% das provas do teste foram divididas em Grupo I (GI: composto por 15 crianças submetidas ao programa de treinamento; e em Grupo II (GII: composto por 15 crianças não submetidas ao programa de treinamento. RESULTADOS: os resultados desse estudo revelaram diferenças estatisticamente significantes, evidenciando que das 15 crianças submetidas ao programa, apenas uma não respondeu à intervenção proposta, sendo submetida, portanto, à avaliação interdisciplinar e confirmado o diagnóstico de dislexia. CONCLUSÃO: a realização do programa de treinamento das habilidades fonológicas e correspondência grafema-fonema foi eficaz para a identificação das crianças com sinais de dislexia, comprovado pela melhora das habilidades fonológicas e leitura em situação de pós-testagem em relação à pré-testagem, evidenciando que quando é fornecida a instrução formal do princípio alfabético associado ao principio de conversão letra-som da Língua Portuguesa, as crianças que não apresentam dislexia deixam de apresentar suas manifestações com resposta à instrução formal do princípio alfabético.PURPOSE: to check the efficacy of the phonological training and grapheme-phoneme correspondence program in first-grade children under dyslexia

  15. Mecanismos adaptativos do sistema imunológico em resposta ao treinamento físico Adaptative mechanisms of the immune system in response to physical training

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carol Góis Leandro

    2007-10-01

    Full Text Available O treinamento físico, de intensidade moderada, melhora os sistemas de defesa, enquanto que o treinamento intenso causa imunossupressão. Os mecanismos subjacentes estão associados à comunicação entre os sistemas nervoso, endócrino e imunológico, sugerindo vias autonômicas e modulação da resposta imune. Células do sistema imune, quando expostas a pequenas cargas de estresse, desenvolvem mecanismo de tolerância. Em muitos tecidos tem-se demonstrado que a resposta a situações agressivas parece ser atenuada pelo treinamento físico aplicado previamente, isto é, o treinamento induz tolerância para situações agressivas/estressantes. Nesta revisão são relatados estudos sugerindo os mecanismos adaptativos do sistema imunológico em resposta ao treinamento físico.Moderate physical training enhances the defense mechanisms, while intense physical training induces to immune suppression. The underlying mechanisms are associated with the link between nervous, endocrine, and immune systems. It suggests autonomic patterns and modulation of immune response. Immune cells, when exposed to regular bouts of stress, develop a mechanism of tolerance. In many tissues, it has been demonstrated that the response to aggressive conditions is attenuated by moderate physical training. Thus, training can induce tolerance to aggressive/stressful situations. In this review, studies suggesting the adaptation mechanisms of the immune system in response to physical training will be reported.

  16. Manejo de longo prazo em crianças com transtornos neuromusculares Long-term management of children with neuromuscular disorders

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eugen-Matthias Strehle

    2009-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: A distrofia muscular de Duchenne é o tipo mais comum de miopatia genética. Contudo, existe um grande número de doenças neuromusculares hereditárias que são individualmente muito raras e sobre as quais não há muita informação clínica disponível. Este artigo de revisão baseia-se na experiência do autor em uma clínica pediátrica para tratamento de doenças musculares e apresenta orientação prática e planos terapêuticos para os problemas frequentemente encontrados. FONTES DE DADOS: O banco de dados da MEDLINE foi pesquisado com o objetivo de localizar artigos recentes e relevantes para o manejo de crianças com miopatias e neuropatias hereditárias. Uma coorte de 200 pacientes foi avaliada através de análise estatística descritiva. SÍNTESE DOS DADOS: A distrofia muscular de Duchenne representou quase metade dos diagnósticos, seguida da atrofia muscular espinhal (12%, da distrofia muscular de Becker e da distrofia miotônica (7% cada. Dezesseis pacientes (9% apresentaram miopatia de origem desconhecida. CONCLUSÕES: Assim como ocorre com outras doenças crônicas, esses pacientes devem passar por acompanhamento periódico realizado por profissionais de saúde desde cedo para aumentar sua expectativa de vida e melhorar sua qualidade de vida. É útil para os médicos adotarem uma abordagem estruturada ao atender crianças com transtornos neuromusculares e monitorar todos os sistemas de órgãos afetados.OBJECTIVE: Duchenne muscular dystrophy is the commonest genetic myopathy but there exist a large number of inherited neuromuscular diseases which individually are very rare and where clinical information is not widely available. This review is based on the author's experience in a pediatric muscle clinic and provides practical guidance and treatment plans for frequently encountered problems. SOURCES: A MEDLINE search was conducted to retrieve recent articles relevant to the management of children with

  17. O evangelho segundo o McDonald's: estudo sobre o processo de produção da fast-food

    OpenAIRE

    Alves, Carmen Lucia Rodrigues

    2006-01-01

    Este estudo aborda o processo de produção da cadeia de fast-food McDonald s, resgatando a forma de produzir seus alimentos, a tecnologia investida, as definições sobre cor, aroma, gosto; as relações de trabalho, desde a estrutura funcional dos trabalhadores, a seleção dos funcionários e o treinamento para cumprir todas as funções que concretizam o processo produtivo. Enfoca, também, através da análise da propaganda de seus produtos, a ideologia que veicula, particularmente p...

  18. Effects of sugammadex on incidence of postoperative residual neuromuscular blockade

    DEFF Research Database (Denmark)

    Brueckmann, B; Sasaki, N; Grobara, P

    2015-01-01

    BACKGROUND: This study aimed to investigate whether reversal of rocuronium-induced neuromuscular blockade with sugammadex reduced the incidence of residual blockade and facilitated operating room discharge readiness. METHODS: Adult patients undergoing abdominal surgery received rocuronium, followed...... by randomized allocation to sugammadex (2 or 4 mg kg(-1)) or usual care (neostigmine/glycopyrrolate, dosing per usual care practice) for reversal of neuromuscular blockade. Timing of reversal agent administration was based on the providers' clinical judgement. Primary endpoint was the presence of residual...... measured at PACU entry. Zero out of 74 sugammadex patients and 33 out of 76 (43.4%) usual care patients had TOF-Watch® SX-assessed residual neuromuscular blockade at PACU admission (odds ratio 0.0, 95% CI [0-0.06], P

  19. Total hip arthroplasty in patients with neuromuscular imbalance.

    Science.gov (United States)

    Konan, S; Duncan, C P

    2018-01-01

    Patients with neuromuscular imbalance who require total hip arthroplasty (THA) present particular technical problems due to altered anatomy, abnormal bone stock, muscular imbalance and problems of rehabilitation. In this systematic review, we studied articles dealing with THA in patients with neuromuscular imbalance, published before April 2017. We recorded the demographics of the patients and the type of neuromuscular pathology, the indication for surgery, surgical approach, concomitant soft-tissue releases, the type of implant and bearing, pain and functional outcome as well as complications and survival. Recent advances in THA technology allow for successful outcomes in these patients. Our review suggests excellent benefits for pain relief and good functional outcome might be expected with a modest risk of complication. Cite this article: Bone Joint J 2018;100-B(1 Supple A):17-21. ©2018 The British Editorial Society of Bone & Joint Surgery.

  20. Surgical Space Conditions During Low-Pressure Laparoscopic Cholecystectomy with Deep Versus Moderate Neuromuscular Blockade

    DEFF Research Database (Denmark)

    Staehr-Rye, Anne K; Rasmussen, Lars S.; Rosenberg, Jacob

    2014-01-01

    : In this assessor-blinded study, 48 patients undergoing elective laparoscopic cholecystectomy were administered rocuronium for neuromuscular blockade and randomized to either deep neuromuscular blockade (rocuronium bolus plus infusion maintaining a posttetanic count 0-1) or moderate neuromuscular blockade...... (rocuronium repeat bolus only for inadequate surgical conditions with spontaneous recovery of neuromuscular function). Patients received anesthesia with propofol, remifentanil, and rocuronium. The primary outcome was the proportion of procedures with optimal surgical space conditions (assessed by the surgeon...

  1. Valores, suporte psicossocial e impacto do treinamento no trabalho Values, psychosocial support and training impact at work

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Júlia Pantoja

    2005-08-01

    Full Text Available O presente trabalho teve como objetivo investigar valores individuais e percepções de suporte organizacional à transferência de treinamento como preditores do impacto do treinamento no trabalho. A amostra consistiu de 79 profissionais, de nível superior, de uma instituição hospitalar na área de reabilitação do aparelho locomotor e de 85 profissionais de uma autarquia federal ligada ao sistema financeiro nacional. Os pesquisados haviam concluído os cursos de capacitação que foram objeto de avaliação neste estudo, há aproximadamente três meses. Responderam, no local de trabalho, questionários que continham escalas previamente validadas. Foram realizadas análises de regressão múltipla hierárquica. Os resultados apontaram suporte psicossocial e o tipo motivacional conservadorismo/coletivismo como importantes preditores do impacto do treinamento no trabalho (R² = 0,35; p The purpose of this work was to investigate individual values and perceptions of the organizational support to training's transfer as predictors of the impact in work training. Seventy nine university graduated degree professionals, working at a hospital specialized in orthopedics' rehabilitation plus eighty five professionals, working for an state government institution, connected to the national financial system, constituted the sample of this research. All of them had finished the training event which was evaluated in this paper approximately three months ago. While at work they responded to the questionnaire, which had scales previously validated. Multiple regression hierarchical analyses were made. The data shows psychosocial support and the motivational type conservationismcollectivism as an important predictor of the impact of the training at work (R² = 0.35; p < 0.001. It also suggests that people who value conservationism, i.e., that look for respect, compromise, safety, harmony and welcoming of culture habits and ideas got more from the impact of the

  2. Anti-GM2 gangliosides IgM paraprotein induces neuromuscular block without neuromuscular damage.

    Science.gov (United States)

    Santafé, Manel M; Sabaté, M Mar; Garcia, Neus; Ortiz, Nico; Lanuza, M Angel; Tomàs, Josep

    2008-11-15

    We analyzed the effect on the mouse neuromuscular synapses of a human monoclonal IgM, which binds specifically to gangliosides with the common epitope [GalNAc beta 1-4Gal(3-2 alpha NeuAc)beta 1-]. We focused on the role of the complement. Evoked neurotransmission was partially blocked by IgM both acutely (1 h) and chronically (10 days). Transmission electron microscopy shows important nerve terminal growth and retraction remodelling though axonal injury can be ruled out. Synapses did not show mouse C5b-9 immunofluorescence and were only immunolabelled when human complement was added. Therefore, the IgM-induced synaptic changes occur without complement-mediated membrane attack.

  3. Efeitos do método isostretching sobre parâmetros morfológicos e sobre um conjunto de testes motores em idosas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Christina Cruz Cepeda

    2013-06-01

    Full Text Available DOI: http://dx.doi.org/10.5007/1980-0037.2013v15n5p604 O treinamento resistido de intensidade leve e moderada parece eficaz em prover importantes melhorias sobre a força, o equilíbrio e a funcionalidade em idosos. O objetivo do presente estudo foi analisar os efeitos de 12 semanas de treinamento do Método Isostretching sobre a capacidade funcional e arquitetura muscular em idosas. A amostra foi de 25 voluntárias (n=25, divididas em um grupo controle (GC; n=11; 62.3 ± 1,9 anos; 1,58 ± 0,06m; 73,4 ± 1,4kg que prosseguiu suas atividades físicas habituais e um grupo experimental (GE; n=14; 64,2 ± 4,3anos; 1,56 ± 0,05 m; 74,2 ± 1,6kg que realizou um programa de exercícios de isostretching. As avaliações compreenderam Timed Up and Go –TUG, avaliação de Tinetti e avaliação dos parâmetros morfológicos por meio da Ultrassonagrafia. Os resultados mostraram que o GE apresentou uma melhora (p<0,05 tanto no TUG quanto no Tinetti. Nos parâmetros morfológicos do vasto lateral no grupo GE observou-se: aumento médio de 3.6 mm do comprimento do fascículo em relaxamento (p<0,05; ES=1,15, em contração isométrica aumento de 4,9 mm (p<0.05; ES=1,94; no ângulo de penação na condição relaxada, um aumento de 16% (p<0.05; ES=0,70, em contração isométrica, aumento de 12% (p<0,05; ES=0,50; já na espessura (p<0,05; ES=0,52 aumento de 8% relaxado, em contração isométrica (p<0,05; ES=0,43 de 9%. O GC não apresentou alterações significativas. O treinamento isométrico por meio do isostretching promoveu alterações nos parâmetros morfológicos musculares e melhorou as capacidades funcionais em idosas.

  4. Exercise Therapy in Spinobulbar Muscular Atrophy and Other Neuromuscular Disorders

    DEFF Research Database (Denmark)

    Dahlqvist, Julia Rebecka; Vissing, John

    2016-01-01

    There is no curative treatment for most neuromuscular disorders. Exercise, as a treatment for these diseases, has therefore received growing attention. When executed properly, exercise can maintain and improve health and reduce the risk of cardiovascular disease, obesity, and diabetes. In persons...... in patients with neuromuscular diseases associated with weakness and wasting. We review studies that have investigated different types of exercise in both myopathies and motor neuron diseases, with particular emphasis on training of persons affected by spinobulbar muscular atrophy (SBMA). Finally, we provide...

  5. New techniques in the tissue diagnosis of gastrointestinal neuromuscular diseases

    Institute of Scientific and Technical Information of China (English)

    Charles H Knowles; Joanne E Martin

    2009-01-01

    Gastrointestinal neuromuscular diseases are a clinically heterogeneous group of disorders of children and adults in which symptoms are presumed or proven to arise as a result of neuromuscular (including interstitial cell of Cajal) dysfunction. Common to most of these diseases are symptoms of impaired motor activity which manifest as slowed or obstructed transit with or without evidence of transient or persistent radiological visceral dilatation. A variety of histopathological techniques and allied investigations are being increasingly applied to tissue biopsies from such patients. This review outlines some of the more recent advances in this field, particularly in the most contentious area of small bowel disease manifesting as intestinal pseudo-obstruction.

  6. Neuromuscular exercise as treatment of degenerative knee disease

    DEFF Research Database (Denmark)

    Ageberg, Eva; Roos, Ewa M.

    2015-01-01

    Exercise is recommended as first-line treatment of degenerative knee disease. Our hypothesis is that neuromuscular exercise is feasible and at least as effective as tradionally used strength or aerobic training, but aims to more closely target the sensorimotor deficiencies and functional...... instability associated with the degenerative knee disease than traditionally used training methods.SUMMARY FOR TABLE OF CONTENTS PAGECurrent data suggests that the effect from neuromuscular exercise on pain and function is comparable to the effects seen from other forms of exercise....

  7. Neuromuscular Activity and Knee Kinematics in Adolescents with Patellofemoral Pain

    DEFF Research Database (Denmark)

    Rathleff, Michael Skovdal; Samani, Afshin; Olesen, Jens L

    2013-01-01

    This study aimed to investigate the neuromuscular control of the knee during stair descent among female adolescents with patellofemoral pain (PFP) and to report its association with self-reported clinical status assessed by the Knee Injury and Osteoarthritis Outcome Score (KOOS).......This study aimed to investigate the neuromuscular control of the knee during stair descent among female adolescents with patellofemoral pain (PFP) and to report its association with self-reported clinical status assessed by the Knee Injury and Osteoarthritis Outcome Score (KOOS)....

  8. Treinamento auditivo para transtorno do processamento auditivo: uma proposta de intervenção terapêutica

    OpenAIRE

    Samelli,Alessandra Giannella; Mecca,Fabíola Ferrer Del Nero

    2010-01-01

    OBJETIVO: verificar a eficácia de um programa informal de treinamento auditivo específico para transtornos do Processamento Auditivo, em um grupo de pacientes com esta alteração, por meio da comparação de pré e pós-testes. MÉTODOS: participaram deste estudo 10 indivíduos de ambos os sexos, da faixa etária entre sete e 20 anos. Todos realizaram avaliação audiológica completa e do processamento auditivo (testes: Fala com Ruído, Sttagered Spondaic Word - SSW, Dicótico de Dígitos, Padrão de Frequ...

  9. Perda de peso e consumo de bebidas durante sessões de treinamento de ballet clássico

    OpenAIRE

    Silva, Cláudia Villela da; Fayh, Ana Paula Trussardi

    2011-01-01

    O objetivo do estudo foi analisar a perda de peso (PP) e o consumo de líquidos durante sessões de treinamento de ballet clássico. A amostra foi composta por vinte e uma bailarinas, que foram avaliadas em três sessões de ballet: uma sessão sem oferta de líquidos, uma sessão com oferta de água e outra com oferta de bebida esportiva. Na sessão em que as bailarinas receberam água, a mediana de consumo foi 376,19 mL e a mediana de PP foi -190g. Na sessão com bebida esportiva, a mediana do consumo ...

  10. Diagnostic value of CT scanning in neuromuscular diseases

    International Nuclear Information System (INIS)

    Bulcke, J.A.L.; Leuven Univ.; Herpels, V.

    1983-01-01

    The diagnosis of myopathies has become easier since the CT technique is available. In this article the possibilities of CT for diagnostic procedures of neuromuscular diseases are pointed out. Density measurements increase differentiation of atrophy or hypertrophy of muscles as well as other pathological changes. (orig.)

  11. Volume of the effect compartment in simulations of neuromuscular block

    NARCIS (Netherlands)

    Nigrovic, Vladimir; Proost, Johannes H.; Amann, Anton; Bhatt, Shashi B.

    2005-01-01

    Background: The study examines the role of the volume of the effect compartment in simulations of neuromuscular block (NMB) produced by nondepolarizing muscle relaxants. Methods: The molar amount of the postsynaptic receptors at the motor end plates in muscle was assumed constant; the apparent

  12. Neuromuscular stimulation after stroke: from technology to clinical deployment

    NARCIS (Netherlands)

    IJzerman, Maarten Joost; Renzenbrink, Gerbert J.; Geurts, Alexander C.H.

    2009-01-01

    Since the early 1960s, electrical or neuromuscular electrical stimulation (NMES) has been used to support the rehabilitation of stroke patients. One of the earliest applications of NMES included the use of external muscle stimulation to correct drop-foot after stroke. During the last few decades

  13. Elbow joint position sense after neuromuscular training with handheld vibration.

    Science.gov (United States)

    Tripp, Brady L; Faust, Donald; Jacobs, Patrick

    2009-01-01

    Clinicians use neuromuscular control exercises to enhance joint position sense (JPS); however, because standardizing such exercises is difficult, validations of their use are limited. To evaluate the acute effects of a neuromuscular training exercise with a handheld vibrating dumbbell on elbow JPS acuity. Crossover study. University athletic training research laboratory. Thirty-one healthy, college-aged volunteers (16 men, 15 women, age = 23 + or - 3 years, height = 173 + or - 8 cm, mass = 76 + or - 14 kg). We measured and trained elbow JPS using an electromagnetic tracking device that provided auditory and visual biofeedback. For JPS testing, participants held a dumbbell and actively identified the target elbow flexion angle (90 degrees ) using the software-generated biofeedback, followed by 3 repositioning trials without feedback. Each neuromuscular training protocol included 3 exercises during which participants held a 2.55-kg dumbbell vibrating at 15, 5, or 0 Hz and used software-generated biofeedback to locate and maintain the target elbow flexion angle for 15 seconds. We calculated absolute (accuracy) and variable (variability) errors using the differences between target and reproduced angles. Training protocols using 15-Hz vibration enhanced accuracy and decreased variability of elbow JPS (P or = .200). Our results suggest these neuromuscular control exercises, which included low-magnitude, low-frequency handheld vibration, may enhance elbow JPS. Future researchers should examine vibration of various durations and frequencies, should include injured participants and functional multijoint and multiplanar measures, and should examine long-term effects of training protocols on JPS and injury.

  14. Imaging of respiratory muscles in neuromuscular disease: A review.

    Science.gov (United States)

    Harlaar, L; Ciet, P; van der Ploeg, A T; Brusse, E; van der Beek, N A M E; Wielopolski, P A; de Bruijne, M; Tiddens, H A W M; van Doorn, P A

    2018-03-01

    Respiratory muscle weakness frequently occurs in patients with neuromuscular disease. Measuring respiratory function with standard pulmonary function tests provides information about the contribution of all respiratory muscles, the lungs and airways. Imaging potentially enables the study of different respiratory muscles, including the diaphragm, separately. In this review, we provide an overview of imaging techniques used to study respiratory muscles in neuromuscular disease. We identified 26 studies which included a total of 573 patients with neuromuscular disease. Imaging of respiratory muscles was divided into static and dynamic techniques. Static techniques comprise chest radiography, B-mode (brightness mode) ultrasound, CT and MRI, and are used to assess the position and thickness of the diaphragm and the other respiratory muscles. Dynamic techniques include fluoroscopy, M-mode (motion mode) ultrasound and MRI, used to assess diaphragm motion in one or more directions. We discuss how these imaging techniques relate with spirometric values and whether these can be used to study the contribution of the different respiratory muscles in patients with neuromuscular disease. Copyright © 2017. Published by Elsevier B.V.

  15. Neuromuscular blockade for improvement of surgical conditions during laparotomy

    DEFF Research Database (Denmark)

    Madsen, Matias Vested; Scheppan, Susanne; Kissmeyer, Peter

    2015-01-01

    neuromuscular blockade (NMB), defined as a post-tetanic-count (PTC) of 0-1, paralyses the abdominal wall muscles and the diaphragm. We hypothesised that deep NMB (PTC 0-1) would improve surgical conditions during upper laparotomy as compared to standard NMB with bolus administration. METHODS...

  16. Neuromuscular Bandage: Neurophysiological Effects and the Role of Fascias

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ximena María Villota Chicaíza

    2014-05-01

    Full Text Available During the last years, neuromuscular bandage, a therapeutic application created in 1979 by doctor Kenzo Kase has been introduced in the management of many disorders of the musculo-skeletal system and even more so in the treatment of neurological disorders; This therapeutic tool which consists of a self adhesive elastic bandage allows recovery of the injured party without diminishing its bodily function. According to the existing literature on the physiological effects of this therapeutic application in the body, you could say that there is consensus. However in this article the author wants to highlight the significant although little highlighted role played by the fas¬cias on the therapeutic effects of neuromuscular bandage, analyzing from a reflective perspective the analgesic, neuromechanical and circulatory effects, as fundamental effects of neuromuscular bandage and fascias in the same function, trying to bring a global understanding on the way they relate to all connective tissues, aspects that are of great importance for the proper evaluation of alterations and prescription of neuromuscular bandage

  17. Alterations in neuromuscular function in girls with generalized joint hypermobility

    DEFF Research Database (Denmark)

    Jensen, Bente Rona; Melcher, Jesper Sandfeld; Melcher, Pia Grethe Sandfeld

    2016-01-01

    BACKGROUND: Generalized Joint Hypermobility (GJH) is associated with increased risk of musculoskeletal joint pain. We investigated neuromuscular performance and muscle activation strategy. METHODS: Girls with GJH and non-GJH (NGJH) performed isometric knee flexions (90°,110°,130°), and extensions...

  18. Influence of intense neuromuscular blockade on surgical conditions during laparotomy

    DEFF Research Database (Denmark)

    Madsen, Matias Vested; Donatsky, Anders Meller; Jensen, Bente Rona

    2015-01-01

    endotracheally intubated, mechanically ventilated, anesthetized with propofol and fentanyl, and randomized into two groups in a cross-over assessor-blinded design. Neuromuscular block was established with rocuronium. Artificial laparotomy for ileus was performed. We investigated the influence of intense...

  19. Neuromuscular function during stair descent in meniscectomized patients and controls

    DEFF Research Database (Denmark)

    Thorlund, Jonas Bloch; Roos, Ewa M; Aagaard, Per

    2011-01-01

    The aim of this study was to identify differences in knee range of motion (ROM), movement speed, ground reaction forces (GRF) profile, neuromuscular activity, and muscle coactivation during the transition between stair descent and level walking in meniscectomized patients at high risk of knee...

  20. Roles of neuro-exocytotic proteins at the neuromuscular junction

    NARCIS (Netherlands)

    Sons-Michel, Michèle S.

    2011-01-01

    The aim of the studies described in the thesis was to elucidate the roles of several neuro-exocytotic proteins at the motor nerve terminal in neuromuscular synaptic transmission, making use of genetic knockout (KO) mice, each missing one (or more) neuro-exocytotic proteins. In addition, it was

  1. Comparison of the Effect of Neuromuscular Electrical Stimulation ...

    African Journals Online (AJOL)

    Children with cerebral palsy (CP) often demonstrate poor hand function due to spasticity. Thus spasticity in the wrist and finger flexors poses a great deal of functional limitations. This study was therefore designed to compare the effectiveness of Cryotherapy and Neuromuscular Electrical Stimulation (NMES) on spasticity ...

  2. Biochemistry of Neuromuscular Diseases: A Course for Undergraduate Students

    Science.gov (United States)

    Ohlendieck, Kay

    2002-01-01

    This article outlines an undergraduate course focusing on supramolecular membrane protein complexes involved in the molecular pathogenesis of neuromuscular disorders. The emphasis of this course is to introduce students to the key elements involved in the ion regulation and membrane stabilization during muscle contraction and the role of these…

  3. Treinamento físico: considerações práticas e científicas Physical training: scientific and practical considerations

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hamilton Roschel

    2011-12-01

    Full Text Available O treinamento físico é uma importante área de atuação profissional da Educação Física e do Esporte. Ela tem por objetivo precípuo, a melhoria do desempenho físico-esportivo através da aplicação de um processo organizado e sistemático composto por exercícios físicos. Nos últimos anos, os progressos tecnológicos e nos métodos de investigação científica nas diferentes subáreas relacionadas ao treinamento físico trouxeram um avanço significativo na obtenção deste objetivo. Neste artigo será discutido, do ponto de vista acadêmico-científico e também da prática profissional, o estado da arte do conhecimento associado à avaliação do treinamento, ao controle da carga de treinamento, aos modelos de organização da carga de treinamento e ao desenvolvimento das capacidades motoras. Esperamos que ao final, o leitor possa ter um bom entendimento destes diferentes componentes, como eles contribuem para a modificação do desempenho motor e como aplicá-los para a elaboração, implementação, avaliação e reformulação de programas de treinamento físico.Physical training is an important field of work for the Physical Education and Sport professional. Its main goal is to develop the physical capacity and sports performance of an individual by means of an organized and systematic application of physical exercises. In the past years, the technological progress in the scientific investigation within the different disciplines related to physical training have contributed a great deal towards the accomplishment of such goal. In this manuscript we discuss, from both an academic-scientific and from a practical application point-of-view, the state of the art of the knowledge associated with the physical training evaluation, loading control, loading scheming, and the development of physical abilities. Our goal is to provide a comprehensive overview of the different components of the physical training and how they contribute to

  4. Interaction of antibiotics on pipecuronium-induced neuromuscular blockade.

    Science.gov (United States)

    de Gouw, N E; Crul, J F; Vandermeersch, E; Mulier, J P; van Egmond, J; Van Aken, H

    1993-01-01

    To measure the interaction of two antibiotics (clindamycin and colistin) on neuromuscular blockade induced by pipecuronium bromide (a new long-acting, steroidal, nondepolarizing neuromuscular blocking drug). Prospective, randomized, placebo-controlled study. Inpatient gynecologic and gastroenterologic service at a university medical center. Three groups of 20 ASA physical status I and II patients with normal kidney and liver function, taking no medication, and undergoing elective surgery under general anesthesia. Anesthesia was induced with propofol and alfentanil intravenously (IV) and maintained with a propofol infusion and 60% nitrous oxide in oxygen. Pipecuronium bromide 50 micrograms/kg was administered after reaching a stable baseline of single-twitch response. At 25% recovery of pipecuronium-induced neuromuscular blockade, patients received one of two antibiotics, clindamycin 300 mg or colistin 1 million IU, or a placebo. The recovery index (RI, defined as time from 25% to 75% recovery of neuromuscular blockade) was measured using the single-twitch response of the adductor pollicis muscle with supramaximal stimulation of the ulnar nerve at the wrist. RI after administration of an antibiotic (given at 25% recovery) was measured and compared with RI of the control group using Student's unpaired t-test. Statistical analyses of the results showed a significant prolongation of the recovery time (from 25% to 75% recovery) of 40 minutes for colistin. When this type of antibiotic is used during anesthesia with pipercuronium as a muscle relaxant, one must be aware of a significant prolongation of an already long-acting neuromuscular blockade and (although not observed in this study) possible problems in antagonism.

  5. Neuromuscular Activity of Micrurus laticollaris (Squamata: Elapidae Venom in Vitro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alejandro Carbajal-Saucedo

    2014-01-01

    Full Text Available In this work, we have examined the neuromuscular activity of Micrurus laticollaris (Mexican coral snake venom (MLV in vertebrate isolated nerve-muscle preparations. In chick biventer cervicis preparations, the MLV induced an irreversible concentration- and time-dependent (1–30 µg/mL neuromuscular blockade, with 50% blockade occurring between 8 and 30 min. Muscle contractures evoked by exogenous acetylcholine were completely abolished by MLV, whereas those of KCl were also significantly altered (86% ± 11%, 53% ± 11%, 89% ± 5% and 89% ± 7% for one, three, 10 and 30 µg of venom/mL, respectively; n = 4; p < 0.05. In mouse phrenic nerve-diaphragm preparations, MLV (1–10 µg/mL promoted a slight increase in the amplitude of twitch-tension (3 µg/mL, followed by neuromuscular blockade (n = 4; the highest concentration caused complete inhibition of the twitches (time for 50% blockade = 26 ± 3 min, without exhibiting a previous neuromuscular facilitation. The venom (3 µg/mL induced a biphasic modulation in the frequency of miniature end-plate potentials (MEPPs/min, causing a significant increase after 15 min, followed by a decrease after 60 min (from 17 ± 1.4 (basal to 28 ± 2.5 (t15 and 12 ± 2 (t60. The membrane resting potential of mouse diaphragm preparations pre-exposed or not to d-tubocurarine (5 µg/mL was also significantly less negative with MLV (10 µg/mL. Together, these results indicate that M. laticollaris venom induces neuromuscular blockade by a combination of pre- and post-synaptic activities.

  6. Stunted PFC activity during neuromuscular control under stress with obesity.

    Science.gov (United States)

    Mehta, Ranjana K

    2016-02-01

    Obesity is an established risk factor for impaired cognition, which is primarily regulated by the prefrontal cortex (PFC). However, very little is known about the neural pathways that underlie obesity-related declines in neuromuscular control, particularly under stress. The purpose of this study was to determine the role of the PFC on neuromuscular control during handgrip exertions under stress with obesity. Twenty non-obese and obese young adults performed submaximal handgrip exertions in the absence and presence of a concurrent stressful task. Primary dependent measures included oxygenated hemoglobin (HbO2: a measure of PFC activity) and force fluctuations (an indicator of neuromuscular control). Higher HbO2 levels in the PFC were observed in the non-obese compared to the obese group (P = 0.009). In addition, higher HbO2 levels were observed in the stress compared to the control condition in the non-obese group; however, this trend was reversed in the obese group (P = 0.043). In general, force fluctuations increased by 26% in the stress when compared to the control condition (P = 0.001) and obesity was associated with 39% greater force fluctuation (P = 0.024). Finally, while not significant, obesity-related decrements in force fluctuations were magnified under stress (P = 0.063). The current study provides the first evidence that neuromuscular decrements with obesity were associated with impaired PFC activity and this relationship was augmented in stress conditions. These findings are important because they provide new information on obesity-specific changes in brain function associated with neuromuscular control since the knowledge previously focused largely on obesity-specific changes in peripheral muscle capacity.

  7. O uso de realidade virtual na simulação e treinamento de inseminação artificial em bovinos com dispositivos hápticos

    OpenAIRE

    Silva Júnior, Alexandre Ribeiro

    2012-01-01

    O procedimento de inseminação artificial em bovinos exige preparo e destreza do profissional. Na maioria das vezes, o treinamento da fecundação é feito através de contato direto com próprio animal. Nos períodos de treinamento prático, muitas vezes, não é possível a uma grande quantidade de alunos terem contato com o animal, por fatores como: custos, riscos à saúde do animal e do usuário, espaço físico inadequado, cio e manejo do animal. Tais fatores acabam tornando o processo d...

  8. A Percepção de Esforço no Treinamento de Força Perceived Exertion in Strength Training

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Leandro Tiggemann

    2010-08-01

    Full Text Available A percepção de esforço (PE é definida por Robertson e Noble(1 como sendo a intensidade subjetiva de esforço, tensão, desconforto e/ou fadiga que são experimentados durante os exercícios físicos aeróbicos e de força. Sua aplicabilidade é bastante grande, tendo como ponto principal a mensuração do esforço físico. Um mesmo padrão neurofisiológico, através da integração dos comandos feedforward-feedback poderia explicar a PE(2. Diferentes escalas (RPE, CR10, VAS, Omni foram elaboradas e têm sido aplicadas em estudos que investigaram diferentes exercícios e populações, apresentando fortes correlações com importantes variáveis fisiológicas. Inúmeros estudos têm sido desenvolvidos, principalmente na última década, buscando verificar o comportamento da PE em relação às diferentes variáveis do treinamento de força (TF. Em relação à variável carga, maiores cargas produzem maiores PE, mesmo quando volumes ou o número de repetições diferenciados é utilizado, apresentando altas e significativas correlações entre a PE e diferentes cargas. Esforços máximos (repetições máximas causam uma similar PE, independente do número de repetições. Ainda, quanto maior a carga utilizada, menor a variabilidade das respostas da PE entre os sujeitos. A PE aumenta conforme o crescimento do número de repetições realizadas na série, para uma mesma carga, parecendo não existir diferenças na PE entre homens e mulheres. Outras variáveis do TF ainda merecem ser investigadas, não sendo possível apresentar dados conclusivos sobre o comportamento da PE quando estas variáveis são avaliadas. Contudo, os estudos apresentados até então têm indicado que as contrações excêntricas e maiores velocidades de execução indicam uma menor PE, enquanto que a ordem, a quantidade e o tipo de exercícios indicam ter pouca ou nenhuma influência. Quanto ao nível de treinamento dos sujeitos, mais estudos são necessários, sendo

  9. Efeitos do esteróide anabólico nandrolona sobre o músculo sóleo de ratos submetidos a treinamento físico através de natação: estudo histológico, histoquímico e morfométrico Efectos del esteróide anabólico nandrolona sobre el músculo soleo de ratones sometidos a entrenamiento físico a través de natación: estudio histológico, histoquímico y morfométrico Effects of the anabolic steroid nandrolone on the soleum muscle of rats submitted to physical training through swimming: histological, histochemical and morphometrical study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Carlos Silva Camargo Filho

    2006-10-01

    Full Text Available Este estudo teve por objetivo analisar as alterações histológicas, histoquímicas e morfométricas das fibras do músculo sóleo de ratos submetidos a um programa de natação, associado ou não à administração do esteróide anabólico decanoato de nandrolona. Foram utilizados 22 ratos Wistar machos, 12 dos quais receberam injeção intramuscular do esteróide (5mg/kg e 10, óleo mineral (5mg/kg, duas vezes por semana. Os animais foram submetidos a 42 sessões de natação por nove semanas (de segunda a sexta-feira, com aumento progressivo de carga por meio do tempo de natação. Após o sacrifício, o músculo sóleo esquerdo foi retirado, imerso em n-hexana e acondicionado em nitrogênio líquido. Cortes do terço médio desse músculo foram feitos em micrótomo criostato (-20ºC e corados pela técnica HE e pelo método histoquímico NADH-TR. Os animais submetidos a treinamento físico e a esteróide (TA ou óleo mineral (TO apresentaram fibras musculares com maior diâmetro, quando comparados com os animais-controle (NTA e NTO. Não houve diferença significativa entre as medidas das médias dos diâmetros das fibras dos grupos NTA e NTO e entre TA e TO. Nos grupos TA e NTA notou-se acentuado processo de fagocitose, arredondamento e hialinização das fibras musculares. Já nos grupos TA, TO e NTA observou-se perda da atividade enzimática oxidativa. Os resultados sugerem que a natação produz hipertrofia muscular de forma semelhante, tanto no grupo que recebeu esteróide como no que recebeu óleo mineral. No entanto, o grupo que recebeu esteróide apresentou sinais claros de maior degeneração muscular.Este estudio ha tenido como objetivo analizar las alteraciones histológicas, histoquímicas y morfométricas de las fibras del músculo soleo de ratones sometidos a un programa de natación, asociado o no a la administração del esteróide anabólico decanoato de nandrolona. Fueron utilizados 22 ratones Wistar machos, 12 de los

  10. Avaliação dos efeitos de uma modalidade de treinamento de habilidades sociais para crianças Evaluation of the effects of the social skills training method to children

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elaine Sabino Gonçalves

    2008-01-01

    Full Text Available Este artigo descreve os efeitos de uma intervenção em habilidades sociais sobre comportamentos pró-sociais, autoconceito e aceitação pelos pares, em três crianças: P.1, comportamento agressivo e dificuldade de aprendizagem, gênero feminino, 9 anos; P.2, agressividade, gênero masculino, 7 anos; P.3, timidez excessiva, dificuldade de aprendizagem, gênero masculino, 13 anos. O programa foi baseado em técnicas cognitivo-comportamentais e foi feito em grupo, em 20 sessões. A avaliação de resultados, feita a partir do relato das crianças, de seus pais e pares, evidenciou um aumento em comportamentos pró-sociais e mudanças positivas no autoconceito e no julgamento dos pares. Recomenda-se que programas futuros voltados para crianças com dificuldades de aprendizagem estendam o treinamento em habilidades sociais para o contexto escolar.This article describes the effects of a social skills training on prosocial behavior, self concept, and peers acceptance, in three children: P.1, female, 9 years old, aggressive behavior and difficulty of learning; P.2, male, 7 years old, aggressive behavior; P.3, male, 13 years old, extremely shy, difficulty in learning, The program was cognitive behavioral based and was conducted in group, in 20 sessions. The evaluation of the results done through children, peers and parents' reports showed an increase in prosocial behavior and positive changes in self concept and peers judgment. Future programs to children with learning difficulties should expand the social skills training to the school environment.

  11. Qualificação profissional a distância: avaliação da transferência de treinamento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thaís Zerbini

    2010-12-01

    Full Text Available O objetivo da pesquisa é identificar variáveis explicativas da aplicação de habilidades ensinadas aos participantes de um curso de qualificação profissional a distância, via internet. Foram aplicadas as escalas, submetidas à validação estatística: Ambiente de Estudo e Procedimentos de Interação, Estratégias de Aprendizagem, Reação aos Procedimentos Instrucionais, Reação ao Desempenho do Tutor e Transferência de Treinamento. A coleta de dados foi realizada em três momentos distintos. O modelo de regressão múltipla teve como variável critério a média das respostas de 470 participantes aos itens da escala de Transferência de Treinamento. As variáveis preditoras foram as médias das respostas dos participantes aos itens das demais escalas. Os resultados revelaram que o participante que percebeu favoravelmente o seu Contexto de Estudo e os Procedimentos Instrucionais do curso e utilizou com mais frequência as estratégias de aprendizagem Elaboração e Monitoramento da Compreensão, foi também aquele que relatou maior ocorrência de Transferência de Treinamento.

  12. The role of patient advocacy organisations in neuromuscular disease R&D - The case of the Dutch neuromuscular disease association VSN

    NARCIS (Netherlands)

    Boon, W.P.C.; Broekgaarden, R.

    2010-01-01

    This article investigates to what extent patient advocacy organisations play a role in influencing R&D and policymaking for rare neuromuscular diseases. The Dutch neuromuscular disease organisation VSN is studied in depth. A brief history of the VSN is sketched along with the international

  13. Influência dos Hipnóticos no bloqueio neuromuscular produzido pelo cisatracúrio: emprego da aceleromiografia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Angélica de Fátima de Assunção Braga

    2013-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Os efeitos farmacodinâmicos dos bloqueadores neuromusculares (BNM podem ser influenciados por diferentes drogas, entre elas os hipnóticos. O objetivo deste estudo foi avaliar a influência do propofol e do etomidato sobre o bloqueio neuromuscular produzido pelo cisatracúrio. MÉTODO: Foram incluídos 60 pacientes, ASA I e II, submetidos a cirurgias eletivas sob anestesia geral, distribuídos aleatoriamente em dois grupos de acordo com o hipnótico empregado: GI (propofol e GII (etomidato. As pacientes receberam midazolam (0,1 mg.kg-1 por via muscular como medicação pré-anestésica, a indução foi com propofol (2,5 mg.kg-1 ou etomidato (0,3 mg.kg-1 precedido de fentanil (250 µg e seguido de cisatracúrio (0,1 mg.kg-1. Os pacientes foram ventilados com oxigênio a 100% até a obtenção de redução de 95% ou mais na amplitude da resposta do adutor do polegar, quando foi feita a laringoscopia e a intubação traqueal. A função neuromuscular foi monitorizada com aceleromiografia. Avaliaram-se o início de ação do cisatracúrio, as condições de intubação traqueal e as repercussões hemodinâmicas. RESULTADOS: Os tempos médios e os desvios padrão para o início de ação do cisatracúrio foram: GI (86,6 ± 14,3" e GII (116,9 ± 11,6", com diferença significativa (p < 0,0001. As condições de intubação traqueal foram aceitáveis em 100% dos pacientes do GI e em 53,3% no GII (p < 0,0001. CONCLUSÕES: A instalação do bloqueio neuromuscular com o cisatracúrio foi mais rápida e as condições de intubação traqueal foram melhores nos pacientes que receberam propofol em relação ao grupo que recebeu etomidato, sem repercussões hemodinâmicas.

  14. Learning disabilities in neuromuscular disorders: a springboard for adult life.

    Science.gov (United States)

    Astrea, Guja; Battini, Roberta; Lenzi, Sara; Frosini, Silvia; Bonetti, Silvia; Moretti, Elena; Perazza, Silvia; Santorelli, Filippo M; Pecini, Chiara

    2016-10-01

    Although the presence of cognitive deficits in Duchenne muscular dystrophy or myotonic dystrophy DM1 is well established in view of brain-specific expression of affected muscle proteins, in other neuromuscular disorders, such as congenital myopathies and limb-girdle muscular dystrophies, cognitive profiles are poorly defined. Also, there are limited characterization of the cognitive profile of children with congenital muscular dystrophies, notwithstanding the presence of cerebral abnormality in some forms, and in spinal muscular atrophies, with the exception of distal spinal muscular atrophy (such as the DYN1CH1- associated form). Starting from the Duchenne muscular dystrophy, which may be considered a kind of paradigm for the co-occurrence of learning disabilities in the contest of a progressive muscular involvement, the findings of neuropsychological (or cognitive) dysfunctions in several forms of neuromuscular diseases will be examined and reviewed.

  15. Neuromuscular deficits after peripheral joint injury: a neurophysiological hypothesis.

    Science.gov (United States)

    Ward, Sarah; Pearce, Alan J; Pietrosimone, Brian; Bennell, Kim; Clark, Ross; Bryant, Adam L

    2015-03-01

    In addition to biomechanical disturbances, peripheral joint injuries (PJIs) can also result in chronic neuromuscular alterations due in part to loss of mechanoreceptor-mediated afferent feedback. An emerging perspective is that PJI should be viewed as a neurophysiological dysfunction, not simply a local injury. Neurophysiological and neuroimaging studies have provided some evidence for central nervous system (CNS) reorganization at both the cortical and spinal levels after PJI. The novel hypothesis proposed is that CNS reorganization is the underlying mechanism for persisting neuromuscular deficits after injury, particularly muscle weakness. There is a lack of direct evidence to support this hypothesis, but future studies utilizing force-matching tasks with superimposed transcranial magnetic stimulation may be help clarify this notion. © 2014 Wiley Periodicals, Inc.

  16. Early appearance and possible roles of non-neuromuscular cholinesterases.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carla eFalugi

    2012-04-01

    Full Text Available The biological function of the cholinesterase (ChE enzymes is well known and has been studied since the beginning of the XXth century; in particular, acetylcholinesterase (AChE, E.C. 3.1.1.7 is an enzyme playing a key role in the modulation of neuromuscular impulse transmission. However, in the past decades, there has been increasing interest concerning its role in regulating non-neuromuscular cell-to-cell interactions mediated by intracellular ion concentration changes, like the ones occurring during gamete interaction and embryonic development. An understanding of the mechanisms of the cholinergic regulation of these events can help us foresee the possible impact on environmental and human health, including gamete efficiency and possible teratogenic effects on different models, and help elucidate the extent to which exposure to ChE inhibitors may affect human health.

  17. Theory of multichannel magnetic stimulation: toward functional neuromuscular rehabilitation.

    Science.gov (United States)

    Ruohonen, J; Ravazzani, P; Grandori, F; Ilmoniemi, R J

    1999-06-01

    Human excitable cells can be stimulated noninvasively with externally applied time-varying electromagnetic fields. The stimulation can be achieved either by directly driving current into the tissue (electrical stimulation) or by means of electro-magnetic induction (magnetic stimulation). While the electrical stimulation of the peripheral neuromuscular system has many beneficial applications, peripheral magnetic stimulation has so far only a few. This paper analyzes theoretically the use of multiple magnetic stimulation coils to better control the excitation and also to eventually mimic electrical stimulation. Multiple coils allow electronic spatial adjustment of the shape and location of the stimulus without moving the coils. The new properties may enable unforeseen uses for peripheral magnetic stimulation, e.g., in rehabilitation of patients with neuromuscular impairment.

  18. [Neuromuscular disease: respiratory clinical assessment and follow-up].

    Science.gov (United States)

    Martínez Carrasco, C; Villa Asensi, J R; Luna Paredes, M C; Osona Rodríguez de Torres, F B; Peña Zarza, J A; Larramona Carrera, H; Costa Colomer, J

    2014-10-01

    Patients with neuromuscular disease are an important group at risk of frequently suffering acute or chronic respiratory failure, which is their main cause of death. They require follow-up by a pediatric respiratory medicine specialist from birth or diagnosis in order to confirm the diagnosis and treat any respiratory complications within a multidisciplinary context. The ventilatory support and the cough assistance have improved the quality of life and long-term survival for many of these patients. In this paper, the authors review the pathophysiology, respiratory function evaluation, sleep disorders, and the most frequent respiratory complications in neuromuscular diseases. The various treatments used, from a respiratory medicine point of view, will be analyzed in a next paper. Copyright © 2013 Asociación Española de Pediatría. Published by Elsevier Espana. All rights reserved.

  19. Efeitos do treinamento resistido na lipoproteína de baixa densidade Effects of resistance training on low density lipoprotein

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jeferson Luis da Silva

    2010-02-01

    Full Text Available Os benefícios da prática regular do exercício físico estão claramente estabelecidos na literatura. Entretanto, a escolha do tipo de exercício ideal pode ser mais salutar para indivíduos com doenças específicas e patologias associadas. O propósito desta revisão foi verificar se o treinamento resistido (TR exerce alguma alteração no colesterol da lipoproteína de baixa densidade (LDL-C. Foram observadas grandes diferenças na literatura, dificultando uma conclusão em relação aos benefícios do TR nesta revisão. No entanto, foi visto que o TR pode ser promissor na redução dos níveis de LDL-C, principalmente em homens e mulheres adultos, em pacientes com diabetes mellitus tipo 1 e tipo 2 e em mulheres pré-menopausa, não mostrando diferenças na população idosa. Os autores concluem que o TR é uma boa opção de exercício físico para indivíduos, principalmente quando o treinamento aeróbio (TA é contraindicado.The benefits of exercise regular practice are clearly established in the literature. However, the choice of the ideal exercise may be more beneficial for individuals with specific diseases and associated pathologies. The aim of this review was to determine whether resistance training (RT promotes any change on low density lipoprotein cholesterol. Important differences were observed in research protocols, making it difficult to define the benefits of RT in this review. However, it was noticed that RT may be promising in reducing LDL-C levels mainly in adult men and women, in patients with diabetes mellitus type 1 and type 2 and in pre-menopausal women, not presenting differences in the elderly population. It was concluded that the RT is an option good of physical exercise for individuals, especially when the aerobic training (AT is contra-indicated.

  20. Bloqueio neuromuscular residual após o uso de rocurônio ou cisatracúrio Bloqueo neuromuscular residual después del uso de rocuronio o cisatracúrio Residual neuromuscular block after rocuronium or cisatracurium

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruno Salomé de Morais

    2005-12-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O bloqueio neuromuscular residual na sala de recuperação pós-anestésica (SRPA é um fenômeno que pode aumentar a morbidade pós-operatória, com incidência variando entre 0% e 93%. O objetivo deste estudo foi avaliar a incidência do bloqueio neuromuscular residual na SRPA. MÉTODO: Foram estudados 93 pacientes submetidos à cirurgia geral com o uso de cisatracúrio ou rocurônio. Após a admissão na SRPA foi realizada a monitorização objetiva da função neuromuscular (aceleromiografia - TOF GUARD. O bloqueio neuromuscular residual foi definido como SQE JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: El bloqueo neuromuscular residual en la sala de recuperación posanestésica (SRPA es un fenómeno que puede aumentar la morbidez posoperatoria, con incidencia variando entre 0% y 93%. La finalidad de este estudio fue evaluar la incidencia del bloqueo neuromuscular residual en la SRPA. MÉTODO: Fueron estudiados 93 pacientes sometidos a cirugía general con el uso de cisatracúrio o rocuronio. Después de la admisión en la SRPA fue realizada la monitorización objetiva de la función neuromuscular (aceleromiografia - TOF-GUARD. El bloqueo neuromuscular residual fue definido como TOF BACKGROUND AND OBJECTIVES: Residual neuromuscular block in the post-anesthetic recovery unit (PACU may increase postoperative morbidity from 0% to 93%. This study aimed at evaluating the incidence of residual neuromuscular block in the PACU. METHODS: Participated in this study 93 patients submitted to general anesthesia with cisatracurium or rocuronium. After PACU admission, neuromuscular function was objectively monitored (acceleromyography - TOF GUARD. Residual neuromuscular block was defined as TOF < 0.9. RESULTS: From 93 patients, 53 received cisatracurium and 40 rocuronium. Demographics, procedure length and the use of antagonists were comparable between groups. Residual neuromuscular block was 32% in subgroup C (cisatracurium and 30% in subgroup R

  1. Report on Adaptive Force, a specific neuromuscular function

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marko Hoff

    2015-08-01

    Full Text Available In real life motions, as well as in sports, the adaptation of the neuromuscular systems to externally applied forces plays an important role. The term Adaptive Force (AF shall characterize the ability of the nerve-muscle-system to adapt to impacting external forces during isometric and eccentric muscle action. The focus in this paper is on the concept of this neuromuscular action, which is not yet described in this way. A measuring system was constructed and evaluated for this specific neuromuscular function, but only the main information of the evaluation of the measuring system and the preliminary reference values are mentioned here, while an article with detailed description will be published separately. This paper concentrates on the three following points: 1 What is the peculiarity of this neuromuscular function, introduced as AF? 2 Is the measuring system able to capture its specific characteristics and which phases of measurement occur? 3 It seems reasonable to discuss if AF can be distinguished and classified among the known force concepts. The article describes the measuring system and how it is able to capture special features of real life motions like submaximal intensities and the subjects’ option to react adequately on external varying forces. Furthermore, within one measurement the system records three different force qualities: the isometric submaximal Adaptive Force (AFiso, the maximal isometric Adaptive Force (AFisomax and the maximal eccentric Adaptive Force (AFeccmax. Each of these phases provide different and unique information on the nerve-muscle-system that are discussed in detail. Important, in terms of the Adaptive Force, seems to be the combination of conditional and coordinative abilities.

  2. Selective activation of neuromuscular compartments within the human trapezius muscle

    DEFF Research Database (Denmark)

    Holtermann, A; Roeleveld, K; Mork, P J

    2009-01-01

    of the human trapezius muscle can be independently activated by voluntary command, indicating neuromuscular compartmentalization of the trapezius muscle. The independent activation of the upper and lower subdivisions of the trapezius is in accordance with the selective innervation by the fine cranial and main...... branch of the accessory nerve to the upper and lower subdivisions. These findings provide new insight into motor control characteristics, learning possibilities, and function of the clinically relevant human trapezius muscle....

  3. Ultrastructural muscle and neuro-muscular junction alterations in polymyositis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L. L. Babakova

    2012-01-01

    Full Text Available Ultrastructural analysis of 7 biopsies from m.palmaris longus and m.deltoideus in patients with confirmed polymyositis revealed alterationand degeneration of muscle fibers and anomalies of neuro-muscular junction (NMJ. The NMJ abnormalities and following denervation ofmuscle fibers in polymyositis start with subsynaptic damages. The occurance of regeneration features in muscle fibers at any stage is characteristic for PM.

  4. Neuromuscular Control of Rapid Linear Accelerations in Fish

    Science.gov (United States)

    2016-06-22

    sunfish, Lepomis macrochirus. Animals with flexible bodies, like fishes , face a tradeoff for rapid movements. To produce high forces, they must...2014 30-Apr-2015 Approved for Public Release; Distribution Unlimited Final Report: Neuromuscular Control of Rapid Linear Accelerations in Fish The...Office P.O. Box 12211 Research Triangle Park, NC 27709-2211 swimming, acceleration, fish , muscle, stiffness REPORT DOCUMENTATION PAGE 11. SPONSOR

  5. Computed tomography of skeletal muscles in neuromuscular disease

    International Nuclear Information System (INIS)

    Rodiek, S.O.; Kuether, G.; Muenchen Univ.

    1985-01-01

    CT-documentation of skeletal muscular lesions caused by neuromuscular diseases implies an essential contribution to conventional techniques in the macroscopic field. Size, distribution and degree of lesions as well as compensatory mechanisms are proved thereby. We report about the different effects on muscle appearance referring to 106 patients of our own experience in amyotrophic lateral sclerosis, spinal muscular atrophy, poliomyelitis, polyradiculitis, polyneuropathy as well as peripheral traumatic nerve lesions. (orig.) [de

  6. Computed tomography of skeletal muscles in neuromuscular disease

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Rodiek, S.O.; Kuether, G.

    1985-06-01

    CT-documentation of skeletal muscular lesions caused by neuromuscular diseases implies an essential contribution to conventional techniques in the macroscopic field. Size, distribution and degree of lesions as well as compensatory mechanisms are proved thereby. We report about the different effects on muscle appearance referring to 106 patients of our own experience in amyotrophic lateral sclerosis, spinal muscular atrophy, poliomyelitis, polyradiculitis, polyneuropathy as well as peripheral traumatic nerve lesions.

  7. Treinamento físico pré-competitivo e marcadores de desempenho, estresse e recuperação em jovens atletas de voleibol

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Victor Hugo de Freitas

    2014-12-01

    Full Text Available DOI: http://dx.doi.org/10.5007/1980-0037.2015v17n1p31   O objetivo deste estudo foi analisar o efeito do treinamento físico aplicado em um período pré-competitivo na potência e na resistência de força explosiva de membros inferiores, no estresse e na recuperação de jovens atletas de voleibol. Sete atletas (15,8 ± 0,5 anos, 186,1 ± 6,6cm, 75,9 ± 1,8kg de uma equipe de voleibol sub-16, do sexo masculino, foram treinados durante um período pré-competitivo de quatro semanas. A carga interna de treinamento (CIT foi monitorada pelo método PSE da sessão. Testes de salto vertical com contramovimento (CMJ e de natureza intermitente, de quatro séries de 15 segundos (TSVI, foram avaliados no 1º dia de treinamento (linha de base, no último dia da 2ª (pós-semana 2 e da 4ª semana (pós-semana 4. O Questionário RESTQ-Sport foi aplicado na linha de base, no último dia da 2ª, 3ª e 4ª semanas (Pós-semana 2, 3 e 4. A CIT não foi diferente (p>0,05. O CMJ aumentou no pós-semana 2, comparado com a linha de base e no pós-semana 4, comparado com o pós-semana 2 (p<0,05. A média de potência nos 15 segundos iniciais e a média de potência das quatro séries de 15 segundos do TSVI foram maiores no pós-semana 4, comparado à linha de base (p<0,01. As escalas Fadiga e Lesões do RESTQ-Sport se alteraram ao longo do treinamento (p<0,05. Conclui-se que o treinamento aplicado durante o período pré-competitivo proporcionou incrementos no CMJ e no TSVI, e as alterações no RESTQ-Sport sugerem que os atletas apresentaram níveis adequados de estresse e recuperação.

  8. Hematologia e bioquímica sérica de equinos de concurso completo de equitação em treinamento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J.M. Santiago

    2013-04-01

    Full Text Available Avaliaram-se a hematologia e a bioquímica sérica em equinos de concurso completo de equitação (CCE em treinamento durante testes de esforço incremental em esteira ergométrica de alta velocidade. Foram utilizados 16 equinos em delineamento experimental inteiramente ao acaso com quatro tratamentos e quatro repetições em esquema de parcelas subdivididas, utilizando-se como fontes de variação nos tratamentos a idade e o histórico de treinamento em CCE. As parcelas foram constituídas pelos testes incrementais realizados nas fases inicial e final do treinamento. As subparcelas foram representadas pelos tempos de avaliação e coletas. Os equinos do grupo experimental novos iniciantes apresentaram valor médio do hematócrito de 43,24%, sendo inferior ao hematócrito do grupo adultos iniciantes, 45,63%, novos experientes, 46,39%, e competidores, 47,74%. Houve diferença (P<0,05 entre os testes físicos realizados nas fases inicial e final do treinamento, com redução na concentração plasmática de glicose, de 112 para 98,88mg/dL, nas concentrações séricas de creatinina, de 1,41 para 1,29mg/dL, e de proteínas totais, de 6,52 para 6,38g/dL, na contagem de monócitos, de 0,54 para 0,48 10³/mm³, e com aumento na concentração plasmática de lactato, de 3,31 para 3,79mmol/L, na concentração sérica de ácido úrico, de 1,44 para 1,77mg/dL, no hematócrito, de 44,19 para 46,90%, na concentração de hemoglobina, de 14,33 para 15,10g/dL, e na contagem de leucócitos totais, de 9,26 para 9,61 10³/mm³. O treinamento dos equinos de CCE aumentou o condicionamento físico dos equinos, com maior capacidade de metabolização do lactato após o exercício e aumento nos valores basais do hematócrito e da concentração de hemoglobina.

  9. Morfologia testicular de ratos Wistar obesos sedentários e submetidos a treinamento físico - doi: 10.4025/actascihealthsci.v33i1.7698 Testicular morphology in obese and sedentary Wistar rats submitted to physical training - doi: 10.4025/actascihealthsci.v33i1.7698

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Solange Marta Franzói de Moraes

    2011-05-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar morfologicamente os efeitos da dieta de cafeteria e o treinamento físico em esteira sobre o testículo de ratos Wistar. Ratos machos adultos foram divididos em grupos (sedentário-controle; sedentário-cafeteria; treinado-controle; e treinado-cafeteria. Para comprovar a instalação da obesidade calculou-se o índice de Lee e o peso dos tecidos adiposos periepididimal e retroperitoneal. A análise testicular envolveu o peso da gônada e após processamento histológico e coloração por Hematoxilina-Eosina, os parâmetros de diâmetro tubular, altura do epitélio seminífero, identificação dos tipos celulares presentes nos túbulos seminíferos, contagem de células e rendimento geral da espermatogênese. O aumento significativo do Índice de Lee e do peso dos tecidos adiposos, nos grupos que receberam dieta de cafeteria, comprovou a instalação da obesidade e indicou ser este um modelo adequado para induzir obesidade experimental. Não houve efeito da dieta ou do treinamento sobre o peso testicular, diâmetro tubular e altura do epitélio seminífero não havendo também diferenças na organização histológica dos testículos e túbulos seminíferos. Após quantificação celular e cálculo dos índices mitótico e meiótico e da capacidade total de suporte das células de Sertoli, verificamos efeito positivo do treinamento físico, independente da dieta recebida, sobre o rendimento geral da espermatogênese.The aim of this study was to morphologically evaluate the effects of the cafeteria diet and physical training on the testicles of adult Wistar rats. Adult male rats were divided into groups (sedentary-control, sedentary-cafeteria, trained-control, and trained-cafeteria In order to state the obesity condition both the Lee index and the weight of retroperitoneal and periepididymal adipose tissues were calculated. The testicular analysis involved the gonad weight and after the histological processing

  10. Fatty replacement of lower paraspinal muscles: normal and neuromuscular disorders

    International Nuclear Information System (INIS)

    Hader, H.; Gadoth, N.; Heifetz, H.

    1983-01-01

    The physiologic replacement of the lower paraspinal muscles by fat was evaluated in 157 patients undergoing computed tomography for reasons unrelated to abnormalities of the locomotor system. Five patients with neuromuscular disorders were similarly evaluated. The changes were graded according to severity at three spinal levels: lower thoracic-upper lumbar, midlumbar, and lumbosacral. The results were analyzed in relation to age and gender. It was found that fatty replacement of paraspinal muscles is a normal age-progressive phenomenon most prominent in females. It progresses down the spine, being most advanced in the lumbosacral region. The severest changes in the five patients with neuromuscular disorders (three with poliomyelitis and two with progressive muscular dystrophy) consisted of complete muscle group replacement by fat. In postpoliomyelitis atrophy, the distribution was typically asymmetric and sometimes lacked clinical correlation. In muscular dystrophy, fatty replacement was symmetric, showing relative sparing of the psoas and multifidus muscles. In patients with neuromuscular diseases, computed tomography of muscles may be helpful in planning a better rehabilitation regimen

  11. Fatty replacement of lower paraspinal muscles: normal and neuromuscular disorders

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Hader, H.; Gadoth, N.; Heifetz, H.

    1983-11-01

    The physiologic replacement of the lower paraspinal muscles by fat was evaluated in 157 patients undergoing computed tomography for reasons unrelated to abnormalities of the locomotor system. Five patients with neuromuscular disorders were similarly evaluated. The changes were graded according to severity at three spinal levels: lower thoracic-upper lumbar, midlumbar, and lumbosacral. The results were analyzed in relation to age and gender. It was found that fatty replacement of paraspinal muscles is a normal age-progressive phenomenon most prominent in females. It progresses down the spine, being most advanced in the lumbosacral region. The severest changes in the five patients with neuromuscular disorders (three with poliomyelitis and two with progressive muscular dystrophy) consisted of complete muscle group replacement by fat. In postpoliomyelitis atrophy, the distribution was typically asymmetric and sometimes lacked clinical correlation. In muscular dystrophy, fatty replacement was symmetric, showing relative sparing of the psoas and multifidus muscles. In patients with neuromuscular diseases, computed tomography of muscles may be helpful in planning a better rehabilitation regimen.

  12. Neuromuscular dose-response studies: determining sample size.

    Science.gov (United States)

    Kopman, A F; Lien, C A; Naguib, M

    2011-02-01

    Investigators planning dose-response studies of neuromuscular blockers have rarely used a priori power analysis to determine the minimal sample size their protocols require. Institutional Review Boards and peer-reviewed journals now generally ask for this information. This study outlines a proposed method for meeting these requirements. The slopes of the dose-response relationships of eight neuromuscular blocking agents were determined using regression analysis. These values were substituted for γ in the Hill equation. When this is done, the coefficient of variation (COV) around the mean value of the ED₅₀ for each drug is easily calculated. Using these values, we performed an a priori one-sample two-tailed t-test of the means to determine the required sample size when the allowable error in the ED₅₀ was varied from ±10-20%. The COV averaged 22% (range 15-27%). We used a COV value of 25% in determining the sample size. If the allowable error in finding the mean ED₅₀ is ±15%, a sample size of 24 is needed to achieve a power of 80%. Increasing 'accuracy' beyond this point requires increasing greater sample sizes (e.g. an 'n' of 37 for a ±12% error). On the basis of the results of this retrospective analysis, a total sample size of not less than 24 subjects should be adequate for determining a neuromuscular blocking drug's clinical potency with a reasonable degree of assurance.

  13. Neuromuscular interactions around the knee in children, adults and elderly

    Science.gov (United States)

    Kellis, Eleftherios; Mademli, Lida; Patikas, Dimitrios; Kofotolis, Nikolaos

    2014-01-01

    Although injury and neuromuscular activation patterns may be common for all individuals, there are certain factors which differentiate neuromuscular activity responses between children, adults and elderly. The purpose of this study is to review recent evidence on age differences in neural activation and muscle balances around the knee when performing single joint movements. Particularly, current evidence indicates that there are some interesting similarities in the neuromuscular mechanisms by which children or the elderly differ compared with adults. Both children and elderly display a lower absolute muscle strength capacity than adults which cannot fully be explained by differences in muscle mass. Quadriceps activation failure is a common symptom of all knee injuries, irrespective of age but it is likely that its effect is more evident in children or adults. While one might expect that antagonist co-activation would differ between age categories, it appears that this is not the case. Although hamstring: quadriceps ratio levels are altered after knee injury, it is not clear whether this is an age specific response. Finally, evidence suggests that both children and the elderly display less stiffness of the quadriceps muscle-tendon unit than adults which affects their knee joint function. PMID:25232523

  14. Bilateral neuromuscular and force differences during a plyometric task.

    Science.gov (United States)

    Ball, Nick B; Scurr, Joanna C

    2009-08-01

    The purpose of this article is to compare the bilateral neuromuscular and force contribution during a plyometric bounce drop jump task and to assess the affects of nonsimultaneous foot placement. Sixteen male participants performed bounce drop jumps from a height of 0.4 m. Mean peak electromyography activity of the soleus, medial, and lateral gastrocnemius of both legs was recorded from each phase of the drop jump and normalized to a reference dynamic muscle action. Resultant ground reaction force, ground contact time, and duration of the drop jumps were recorded from each leg. Multivariate analysis of variance was used to compare bilateral electromyographic activity, resultant peak ground reaction force, and contact duration. Pearson's correlations (r) ascertained relationships between normalized electromyographic activity and contact time. Significant differences were shown between left and right triceps surae normalized electromyography during precontact and contact40ms (p 0.01). Significant differences were found between normalized soleus electromyography and both gastrocnemii for both legs during precontact (p 0.01). Weak relationships were found between normalized electromyographic activity and nonsimultaneous foot contact (r < 0.2). This study showed differences between left and right triceps surae in neuromuscular strategies engaged in the early stages of a drop jump task. Differences in contact time initiation were present; however, they are not significant enough to cause neuromuscular differences in the plantar flexor muscles.

  15. Neuromuscular signs associated with acute hypophosphatemia in a dog.

    Science.gov (United States)

    Claus, Kimberly N; Day, Thomas K; Wolf, Christina

    2015-01-01

    The purpose of this report was to describe the successful recognition and management of neuromuscular dysfunction secondary to severe, acute hypophosphatemia in an adult dog with a 2 day history of vomiting, anorexia, and abdominal pain. Radiographs were suggestive of a foreign body obstruction, and surgery was recommended. Resection and anastomosis of the distal duodenum and proximal jejunum was performed. The dog recovered uneventfully, but approximately 36 hr postoperatively, he was found to have significant weakness and muscle tremors that were accompanied by hyperthermia. The only significant abnormality on a serum biochemical profile was a phosphorous level of 0.26 mmol/L. Within 6 hr of initiating phosphorous supplementation, the patient fully recovered and had no residual signs of neuromuscular dysfunction. Signs of neurologic dysfunction secondary to hypophosphatemia are commonly recognized in human patients. Reports of patients with severe muscle weakness, some of which necessitate ventilation due to weakening of muscles of respiration, are common throughout the literature. Less commonly, tremors are noted. This is the first known report of neuromuscular signs recognized and rapidly corrected in a dog. Although it is likely to be uncommon, hypophosphatemia should be recognized as a differential diagnosis in patients with tremors and/or muscle weakness.

  16. CT in neuromuscular disorders: A comparison of CT and histology

    International Nuclear Information System (INIS)

    Vliet, A.M. van der; Thijssen, H.O.M.; Merx, J.L.; Joosten, E.

    1988-01-01

    The value of CT-examination of the muscles compared to histology was studied in a retrospective analysis of 30 patients with clinical suspicion of neuromuscular disorder. In the evaluation of the CT-results descriptive criteria were used. The histologic diagnosis came from needle-biopsies taken from the quadriceps muscle. Considering the whole group of neuromuscular disorders, CT has an overall accuracy of 84.8%, a positive predictive value of 95.5% and a negative predictive value of 63.6%. This makes the use of CT as a diagnostic tool in neuromuscular disorders a reliable examination technique. In patients with a polymyositis there is even a 100% correlation between CT findings and biopsy results. Discrepancy between the biopsy results is remarkable of the quadriceps muscle and the CT findings: The number of abnormal histological findings is twice the number of abnormal CT findings. Using the more proximal gluteal region as a biopsy site would have decreased this discrepancy and would therefore have given a better correlation between CT and histology. The choice of protocol in determining the levels to be scanned is of great importance in achieving good reproducability in follow-up CT examinations. (orig.)

  17. Recent advances in antisense oligonucleotide therapy in genetic neuromuscular diseases

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ashok Verma

    2018-01-01

    Full Text Available Genetic neuromuscular diseases are caused by defective expression of nuclear or mitochondrial genes. Mutant genes may reduce expression of wild-type proteins, and strategies to activate expression of the wild-type proteins might provide therapeutic benefits. Also, a toxic mutant protein may cause cell death, and strategies that reduce mutant gene expression may provide therapeutic benefit. Synthetic antisense oligonucleotide (ASO can recognize cellular RNA and control gene expression. In recent years, advances in ASO chemistry, creation of designer ASO molecules to enhance their safety and target delivery, and scientific controlled clinical trials to ascertain their therapeutic safety and efficacy have led to an era of plausible application of ASO technology to treat currently incurable neuromuscular diseases. Over the past 1 year, for the first time, the United States Food and Drug Administration has approved two ASO therapies in genetic neuromuscular diseases. This overview summarizes the recent advances in ASO technology, evolution and use of synthetic ASOs as a therapeutic platform, and the mechanism of ASO action by exon-skipping in Duchenne muscular dystrophy and exon-inclusion in spinal muscular atrophy, with comments on their advantages and limitations.

  18. Magnetic resonance imaging (MRI) in the diagnosis of neuromuscular diseases

    International Nuclear Information System (INIS)

    Schalke, B.C.G.; Rohkamm, R.; Kaiser, W.

    1990-01-01

    In the last few years imaging procedures became also important in the diagnosis of neuromuscular diseases. We examined more than 150 patients with different neuromuscular diseases with MRI. Conventional diagnostic procedures like EMG, muscle biopsy can not be replaced by imaging procedures. MRI gives the chance to get additional diagnostic informations. It is possible to determine exact distribution and intensity of pathological changes in the muscle. Inflammatory muscle diseases can be differrentiated by T1/T2 values from atrophic/dystrophic diseases. The resolving power is very high and allows the exact detection of affected areas even in a single muscle. This can help to reduce false negative muscle biopsies. This is very useful in children and young adults. MRI can be used for the early detection of genetic myopathies and neuropathies. MRI allows to examine all muscles, including the heart, bone artefacts are absent. Heart muscle involvement in neuromuscular diseases can directly be shown by this method without any risk for the patient. In addition P-spectroscopy can be done for better understanding of pathogenesis, especially if the exact distribution of pathological changes is known. (author)

  19. Recent advances in neuromuscular block during anesthesia [version 1; referees: 4 approved

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Martijn Boon

    2018-02-01

    Full Text Available Muscle relaxation is a routine part of anesthesia and has important advantages. However, the lingering effects of muscle relaxants in the postoperative period have historically been associated with postoperative adverse events. Neuromuscular reversal, together with neuromuscular monitoring, is a recognized strategy to reduce the rate of postoperative residual relaxation but has only marginally improved outcome in the past few decades. Sugammadex, a novel reversal agent with unique encapsulating properties, has changed the landscape of neuromuscular reversal and opened up new opportunities to improve patient care. By quickly and completely reversing any depth of neuromuscular block, it may reduce the rate of residual relaxation and improve respiratory recovery. In addition, sugammadex has made the use of deep neuromuscular block possible during surgery. Deep neuromuscular block may improve surgical working conditions and allow for a reduction in insufflation pressures during selected laparoscopic procedures. However, whether and how this may impact outcomes is not well established.

  20. Sistema Brasileiro de Informação sobre Medicamentos - SISMED

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vidotti Carlos C. F.

    2000-01-01

    Full Text Available Foram descritas as atividades do farmacêutico especialista em informação sobre medicamentos (IM e caracterizados os Centros de Informação sobre Medicamentos (CIMs, deixando claro o que não são e o que são - mitos e fatos. Foram apresentadas as definições de IM e de CIMs e apresentadas as atividades usuais dos Centros, destacando a informação passiva como atividade fundamental. Foi apresentado o Sistema Brasileiro de Informação sobre Medicamentos (SISMED, uma rede de CIMs integrados através de um Protocolo de Cooperação que estabelece os requisitos mínimos para o funcionamento dos CIMs e os mecanismos de cooperação entre os Centros participantes. As estratégias para a formação do SISMED foram a capacitação de recursos humanos e encontros dos responsáveis pelos CIMs. O treinamento de recursos humanos através de quatro cursos, deu suporte à implantação rápida de CIMs pelo Brasil, preenchendo importante lacuna, e consolidando definitivamente esta atividade no país, dentro dos preceitos adotados mundialmente. Os encontros periódicos dos que trabalham nos CIMs fortaleceram os Centros, e consequentemente, o SISMED.

  1. Sistema Brasileiro de Informação sobre Medicamentos - SISMED

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos C. F. Vidotti

    2000-12-01

    Full Text Available Foram descritas as atividades do farmacêutico especialista em informação sobre medicamentos (IM e caracterizados os Centros de Informação sobre Medicamentos (CIMs, deixando claro o que não são e o que são - mitos e fatos. Foram apresentadas as definições de IM e de CIMs e apresentadas as atividades usuais dos Centros, destacando a informação passiva como atividade fundamental. Foi apresentado o Sistema Brasileiro de Informação sobre Medicamentos (SISMED, uma rede de CIMs integrados através de um Protocolo de Cooperação que estabelece os requisitos mínimos para o funcionamento dos CIMs e os mecanismos de cooperação entre os Centros participantes. As estratégias para a formação do SISMED foram a capacitação de recursos humanos e encontros dos responsáveis pelos CIMs. O treinamento de recursos humanos através de quatro cursos, deu suporte à implantação rápida de CIMs pelo Brasil, preenchendo importante lacuna, e consolidando definitivamente esta atividade no país, dentro dos preceitos adotados mundialmente. Os encontros periódicos dos que trabalham nos CIMs fortaleceram os Centros, e consequentemente, o SISMED.

  2. Development of weigh training programs for children Elaboração de programas de treinamento de força para crianças

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sidiclei Risso

    2003-10-01

    Full Text Available A hypokinetic lifestyle has increased among children and adolescents in the past few years, leading to risk factors which favor the chronic-degenerative diseases in the early childhood. Thus, the development of physical activity programs for this age group becomes necessary. The purpose of this study was to review the literature about the factors that can be related to the development of weight training programs with extra load for children. Aspects related to the physical activity in the childhood, caloric damage, physical fitness related to health, reasons that make children and adolescents practise or give up physical activity, physical fitness stability during childhood, physiological aspects and growth factors, are discussed. The factors that can interfere in the motor capacity strength, the myths related to weight training with children, possible benefits obtained from this practice, factors that should be taken into consideration regarding specific weight training for children, weight training supervision during childhood, general guidelines for weight training in children, developing weight training programs for children and discussion about strength testing, are dealt with more specifically. When supervised properly by specialists, the specific and individualized training for children and adolescents can generate a significant muscular strength gain, and contribute favorably for health promotion and life quality in this age group.   Um estilo de vida hipocinético tem aumentado entre crianças e adolescentes nos últimos anos, e isso faz com que os fatores de risco se apresentem mais facilmente, favorecendo o surgimento de doenças crônico-degenerativas já na infância. Logo, torna-se necessário a criação de programas de atividade física para essa faixa etária. O objetivo desse estudo é realizar uma revisão de literatura acerca dos fatores que se relacionam à montagem de um programa de treinamento com sobrecarga para crian

  3. Aspectos relacionados com a otimização do treinamento aeróbio para o alto rendimento Related aspects of aerobic training optimization for high performance

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariana Fernandes Mendes de Oliveira

    2010-02-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi apresentar recomendações visando à otimização do treinamento aeróbio, a partir do conhecimento dos índices de aptidão funcional e seus mecanismos fisiológicos. Em atletas altamente treinados, a precisão na elaboração do treinamento pode ser o meio mais seguro para a melhora do rendimento, pois nesses indivíduos é comum a carga de treinamento oscilar entre o estimulo insuficiente e o aparecimento do excesso de treinamento. Existe, portanto, uma variedade muito grande de fatores que devem ser considerados na elaboração de um programa de treinamento. O entendimento dos mecanismos de fadiga e das respostas fisiológicas associadas às diferentes durações e intensidades de exercício é essencial para uma correta elaboração das sessões de treinamento. Além disso, treinos intervalados de alta intensidade são imprescindíveis para melhora de rendimento em atletas altamente treinados, porém, é recomendado que ele seja realizado após um razoável período de recuperação das sessões de treino anteriores. Assim, o contato entre o atleta e o treinador é importante para um planejamento cuidadoso dos períodos de recuperação antes da ocorrência de fadiga excessiva. O treinador deveria arquivar um histórico das cargas de treino e recuperações, aprendendo com a própria experiência os tipos de cargas que podem ser toleradas individualmente. Entre os fatores que podem afetar o rendimento aeróbio, o planejamento de um aquecimento apropriado e as condições ambientais adversas são aspectos muito importantes. Após reunir todas essas informações, é possível elaborar as bases do treinamento (frequência, volume, intensidade e recuperação visando melhora contínua do rendimento aeróbio.The objective of this work was to present recommendations aiming the aerobic training optimization, from the knowledge of the indexes of functional fitness and their physiological mechanisms. Concerning highly

  4. Study of virtual reality application in training programs on nuclear technology; Estudo da aplicacao de realidade virtual em programas de treinamento sobre tecnologia nuclear

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Pastura, Valeria da Fonseca e Silva

    2016-07-01

    The activities developed in the units which organize the National Nuclear Energy Commission (CNEN) are present in various sectors of the Brazilian society, being them in medicine, industry, electricity generation, mining, and among the others. Based on the assumption that the employees are CNEN's mayor differential and the training programs play an important role in the process of organizational development, because they align the professionals with the strategies of the institution properly. Focusing on these matters, this master's thesis aimed to evaluate the training programs which are applied by CNEN, in order to propose and evaluate the use of the Virtual Reality (VR) expertise as a new method to be applied in the training programs. To accomplish this purpose, we performed two methodological approaches through questionnaires. And from the analysis of the results obtained, we could realize that there was no efficient training program which is systematically applied by CNEN, and the use of the RV technique improves the training programs in the understanding of themes whose assimilation is challengeable, such as those related to nuclear power. In this sense, for a better functional performance, the training programs adopted by CNEN must be structured so as to enable the development of each server's skills as well as abilities and, it is actually hoped that the virtual reality tools could be inserted in these programs to pursue only this purpose. (author)

  5. Efeito da ordem dos exercícios sobre o desempenho durante uma sessão de treinamento resistido no método circuito

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Luiz Torres Pirauá

    2014-03-01

    Full Text Available DOI: http://dx.doi.org/10.5007/1980-0037.2014v16n3p325   The aim of this study was to compare total work volume, number of repeti-tions and rate of perceived effort performed in two different sequences of circuit training sessions. Eleven recreationally trained men (24.0 ± 4.8 years, 76.1 ± 8.5 kg, 1.75 ± 0.06 m performed two different sequences of circuit training sessions. All sessions consisted of eight stations (exercises of three sets in circuit, performed to volitional fatigue, alternating upper and lower body exercises, with 1-minute rest interval between exercises. Sequence A began with multiple joint exercises and progressed to single joint exercises, whereas sequence B was performed with the opposite exercise order. Number of repetitions and rating of perceived exertion (RPE were compared by repeated measures multivariate analysis of variance (repeated measures MANOVA. Total work volume (TWV was compared by paired t-test. There were no differences between exercise order for TWV (p=0.47 and RPE of all exercises (p>0.05. For both sequences, number of repetitions was greater when exercise was performed first (p<0.05. These results indicate that during a circuit training session, exercises order influenced the number of repetition, but did not influence TWV and RPE. These findings may suggest that for those who aim overall muscular gains, similar results will be obtained with single and multiple joint, upper and lower body circuit training exercise orders. Similarly, exercise intensity will be similarly perceived regardless of exercise sequences. For those who aim specific muscle group gains, priority exercises must be performed first.

  6. Treinamento básico sobre operação e segurança operacional de máquinas agrícolas

    OpenAIRE

    Caroni, Lais Marina [UNESP; Santos, Joao Eduardo Guarnetti dos [UNESP

    2014-01-01

    The study is intended to portray the experiment of mechanical engineering course academicians’ that work on health and labor security field, at the project “Primary Training of Operation and Operational Security of Agricultural Machines”, by practical and theoretical content for workers of a rural community, aiming operational security orientation on their work activities. O estudo em questão tem por fim retratar a experiência de acadêmicos do curso de engenharia mecânica, do segmento de s...

  7. INFLUÊNCIA DA MANIPULAÇÃO DAS VARIÁVEIS DO TREINAMENTO DE FORÇA SOBRE PARÂMETROS DA COMPOSIÇÃO CORPORAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Caio Cezar Fonseca

    2014-02-01

    Full Text Available The problem with excess body fat grows every year and sedentary lifestyle is a major reason for the installation of this epidemic. The inclusion of strength training (ST in people lives has proved a promising intervention in improving body composition. However, the better exercise method that promote changes in lean and fat compartments are not well elucidated. Therefore, this study examined the influence of different methods of ST in improving body composition in sedentary. Material and Methods: Seven male adult subjects, healthy, aged 18 to 30 years old, non-physically active, participated in a program of ST, four days a week for a period of 12 weeks. Participants were separated into two groups: H: Hypertrophy and R: Resistance Force, which received normocaloric diet through a food record. Anthropometric measurements and 1-RM tests were performed at the beginning and end of the study. Results: Both hypertrophy training and resistance strength significantly increased (p <0.05 muscle mass and strength gain over the period of twelve weeks. Since fat mass did not change due to the high consumption of carbohydrates, as was seen in the food record. Conclusion: We conclude that the practice of ST in 12 weeks is sufficient to alter body composition significantly, especially in lean body mass and strength. However, the ST without a controlled diet did not result in the loss of fat mass.

  8. The relative frequency of common neuromuscular diagnoses in a reference center

    OpenAIRE

    Cotta, Ana; Paim, Júlia Filardi; Carvalho, Elmano; da-Cunha-Júnior, Antonio Lopes; Navarro, Monica M.; Valicek, Jaquelin; Menezes, Miriam Melo; Nunes, Simone Vilela; Xavier-Neto, Rafael; Baptista Junior, Sidney; Lima, Luciano Romero; Takata, Reinaldo Issao; Vargas, Antonio Pedro

    2017-01-01

    ABSTRACT The diagnostic procedure in neuromuscular patients is complex. Knowledge of the relative frequency of neuromuscular diseases within the investigated population is important to allow the neurologist to perform the most appropriate diagnostic tests. Objective: To report the relative frequency of common neuromuscular diagnoses in a reference center. Methods: A 17-year chart review of patients with suspicion of myopathy. Results: Among 3,412 examinations, 1,603 (46.98%) yielded confir...

  9. Digital signage sobre IP

    OpenAIRE

    Casademont Filella, Albert

    2012-01-01

    Projecte que versa sobre el disseny i la implementació d'un sistema de Digital Signage (Cartelleria Digital) sobre IP, creant un gestor que permeti controlar de forma remota tot un conjunt de petits dispositius connectats a pantalles que emeten continguts multimèdia com vídeos, imatges, feeds rss...

  10. Perda de peso e consumo de bebidas durante sessões de treinamento de ballet clássico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudia Villela da Silva

    2011-06-01

    Full Text Available O objetivo do estudo foi analisar a perda de peso (PP e o consumo de líquidos durante sessões de treinamento de ballet clássico. A amostra foi composta por vinte e uma bailarinas, que foram avaliadas em três sessões de ballet: uma sessão sem oferta de líquidos, uma sessão com oferta de água e outra com oferta de bebida esportiva. Na sessão em que as bailarinas receberam água, a mediana de consumo foi 376,19 mL e a mediana de PP foi -190g. Na sessão com bebida esportiva, a mediana do consumo foi de 226,19 mL e a mediana da PP foi -150g. Observou-se diferença na ingestão de líquidos, mas não na PP, durante as sessões com consumo de líquidos (p=0,01 e p=0,79, respectivamente. As bailarinas, voluntariamente, beberam mais água do que bebida esportiva durante os treinos de ballet clássico.

  11. Utilization of ACL Injury Biomechanical and Neuromuscular Risk Profile Analysis to Determine the Effectiveness of Neuromuscular Training.

    Science.gov (United States)

    Hewett, Timothy E; Ford, Kevin R; Xu, Yingying Y; Khoury, Jane; Myer, Gregory D

    2016-12-01

    The widespread use of anterior cruciate ligament (ACL) injury prevention interventions has not been effective in reducing the injury incidence among female athletes who participate in high-risk sports. The purpose of this study was to determine if biomechanical and neuromuscular factors that contribute to the knee abduction moment (KAM), a predictor of future ACL injuries, could be used to characterize athletes by a distinct factor. Specifically, we hypothesized that a priori selected biomechanical and neuromuscular factors would characterize participants into distinct at-risk profiles. Controlled laboratory study. A total of 624 female athletes who participated in jumping, cutting, and pivoting sports underwent testing before their competitive season. During testing, athletes performed drop-jump tasks from which biomechanical measures were captured. Using data from these tasks, latent profile analysis (LPA) was conducted to identify distinct profiles based on preintervention biomechanical and neuromuscular measures. As a validation, we examined whether the profile membership was a significant predictor of the KAM. LPA using 6 preintervention biomechanical measures selected a priori resulted in 3 distinct profiles, including a low (profile 1), moderate (profile 2), and high (profile 3) risk for ACL injuries. Athletes with profiles 2 and 3 had a significantly higher KAM compared with those with profile 1 (P risk profiles. Three distinct risk groups were identified based on differences in the peak KAM. These findings demonstrate the existence of discernable groups of athletes that may benefit from injury prevention interventions. ClinicalTrials.gov NCT identifier: NCT01034527. © 2016 The Author(s).

  12. A case series of re-establishment of neuromuscular block with rocuronium after sugammadex reversal.

    Science.gov (United States)

    Iwasaki, Hajime; Sasakawa, Tomoki; Takahoko, Kenichi; Takagi, Shunichi; Nakatsuka, Hideki; Suzuki, Takahiro; Iwasaki, Hiroshi

    2016-06-01

    We report the use of rocuronium to re-establish neuromuscular block after reversal with sugammadex. The aim of this study was to investigate the relationship between the dose of rocuronium needed to re-establish neuromuscular block and the time interval between sugammadex administration and re-administration of rocuronium. Patients who required re-establishment of neuromuscular block within 12 h after the reversal of rocuronium-induced neuromuscular block with sugammadex were included. After inducing general anesthesia and placing the neuromuscular monitor, the protocol to re-establish neuromuscular block was as follows. An initial rocuronium dose of 0.6 mg/kg was followed by additional 0.3 mg/kg doses every 2 min until train-of-four responses were abolished. A total of 11 patients were enrolled in this study. Intervals between sugammadex and second rocuronium were 12-465 min. Total dose of rocuronium needed to re-establish neuromuscular block was 0.6-1.2 mg/kg. 0.6 mg/kg rocuronium re-established neuromuscular block in all patients who received initial sugammadex more than 3 h previously. However, when the interval between sugammadex and second rocuronium was less than 2 h, more than 0.6 mg/kg rocuronium was necessary to re-establish neuromuscular block.

  13. The cross-sectional area of the superficial digital flexor tendon of trained and untrained Thoroughbred racehorses Área transversal do tendão flexor digital superficial de cavalos Puro Sangue Inglês de corrida em treinamento e sem treinamento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Guiomar Matos Santiago Reis

    2010-08-01

    Full Text Available Twenty Thoroughbred racehorses were ultrasonographically evaluated to determine the relation between normal values of the cross-sectional area (CSA of the right and left forelimbs superficial digital flexor tendons (SDFT in the metacarpal region for trained and untrained Thoroughbreds racehorses. Ultrasonography revealed that CSA at 26cm distal to the accessory carpal bone is larger than other proximal levels, for either left or right forelimbs. In addition, the CSA at 2, 4, 6, 8, 10, 12 and 14cm distal to the accessory carpal bone of the left forelimb are larger (P0.05 between left and right forelimb for CSA of the SDFT, at any level, for either trained or untrained horses, and there was no significant difference between untrained or trained horses for the CSA of right forelimb. In conclusion, the CSA of the left forelimb SDFT for horses that had been in continuous race training remains larger when they were trained anticlockwise, contrary to horses that had not been training for more than one year.Vinte cavalos da raça Puro Sangue Inglês de corrida foram submetidos a exame ultrassonográfico, com o intuito de determinar a relação entre os valores normais da área do tendão flexor digital superficial (TFDS na região metacarpiana dos membros torácicos direito e esquerdo, em cavalos com e sem treinamento. O exame ultrassonográfico revelou que a área do tendão 26cm distal ao osso acessório do carpo é maior em comparação com as alturas proximais, tanto nos membros torácicos esquerdos, como nos membros torácicos direitos. Além disso, a área do TFDS nas alturas 2, 4, 6, 8, 10, 12 e 14cm, no membro torácico esquerdo, é maior (P0,05 nas áreas do TFDS entre os membros torácicos direito e esquerdo, tanto para os animais em treinamento, como para os animais sem treinamento. Também não foi encontrada diferença significativa em comparação com o membro direito dos cavalos em treinamento e sem treinamento. Conclui-se que os cavalos

  14. Treinamento aeróbio de natação aumenta a atividade de enzimas antioxidantes e o conteúdo de glicogênio no musculoesquelético de ratos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberto Carlos Vieira Junior

    2013-06-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: São escassos os estudos os quais verificaram os efeitos do exercício físico sobre os biomarcadores de estresse oxidativo e sua relação com o glicogênio muscular. OBJETIVO: O presente estudo verificou o efeito do treinamento aeróbio de natação (TAN sobre os biomarcadores de estresse oxidativo, conteúdo de glicogênio e crescimento celular no músculo esquelético de ratos. MÉTODOS: Dezoito ratos Wistar macho (60 dias foram divididos em dois grupos: Grupo Sedentário (SG; n = 10: ratos sedentários; e Grupo Treinado (TG; n = 8: ratos submetidos ao TAN (5,0 % do peso corporal, 1h/dia, 5X/semana, durante oito semanas. A atividade das enzimas antioxidantes (AEA superóxido dismutase (SOD; U/ml, catalase (CAT; µmol/min/100 mg e glutationa peroxidase (GPx; nmol/min/100 mg, bem como a concentração das substâncias que reagem ao ácido tiobarbitúrico (TBARs; nmolMDA/mg proteína foram determinadas no músculo gastrocnêmio direito. Os conteúdos de glicogênio (mg/100 mg, proteína (g/100 g e DNA (g/100 g foram mensurados no músculo gastrocnêmio esquerdo. RESULTADOS: A AEA foi maior no TG (CAT: 0,87 ± 0,04; SOD: 6,49 ± 0,045; GPX: 6,49 ± 0,52 quando comparados com SG (CAT: 0,52 ± 0,03; SOD: 4,1 ± 0,37; GPx: 2,94 ± 0,56. Os níveis de TBARs foram menores em TG (TG: 2,35 ± 0,41; SG: 8,90 ± 0,47. O conteúdo de glicogênio muscular (SG: 0,108 ± 0,013; TG: 0,320 ± 0,012 e a razão proteína/DNA (SG: 24,94 ± 3,25; TG: 41,68 ± 4,02 foram maiores no TG. CONCLUSÃO: Em conjunto, estes dados confirmam que o TAN melhorou a defesa antioxidante, a qual pode estar associada ao aumento do conteúdo de glicogênio no músculo esquelético dos animais.

  15. Respostas psicobiológicas agudas do treinamento resistido com diferentes níveis de interação social

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C.V.L.S. Teixeira

    2018-04-01

    Full Text Available Resumo: Objetivo: Comparar respostas psicobiológicas e perceptuais agudas em homens normotensos e hipertensos, após sessões de treinamento resistido com diferentes níveis de interação social: treinamento resistido manual e treinamento resistido com pesos livres. Método: Vinte e seis homens (14 normotensos, 40.29 ± 8.63 anos, índice de massa corporal: 26.53 ± 5.24 kg/m2; 12 hipertensos, 46.00 ± 9.13 anos, índice de massa corporal: 32.51 ± 4.41 kg/m2 foram submetidos a sessões únicas de treinamento resistido manual e treinamento resistido com pesos livres. Foram aferidos ansiedade e humor nos momentos pré e pós‐intervenção. Adicionalmente, foi aplicado um questionário para identificar pontos positivos e negativos das intervenções. Para análise dos resultados, utilizou‐se ANOVA two‐way e post‐hoc de Bonferroni. Adotou‐se nível de significância de 5%. Para ansiedade e humor, também foi utilizada análise do tamanho do efeito. A análise do questionário qualitativo considerou a frequência de pontos positivos e negativos relatados pelos voluntários. Resultados: Nenhuma intervenção foi eficiente em diminuir significativamente os valores iniciais de ansiedade; no entanto, o treinamento resistido manual apresentou maior magnitude de diminuição no tamanho do efeito. Nos fatores negativos do humor, o treinamento resistido manual também proporcionou maiores magnitudes para diminuição no tamanho do efeito. O treinamento resistido manual teve mais pontos positivos e menos pontos negativos mencionados pela amostra, em relação ao treinamento resistido com pesos livres. Conclusão: O nível de interação social parece influenciar positivamente as respostas psicobiológicas agudas do treinamento resistido, e o treinamento resistido manual parece ser uma alternativa viável para esse objetivo. Resumen: Objetivo: Comparar las respuestas psicobiológicas y percepcionales agudas en hombres normotensos e

  16. Apuntes sobre esporotricosis

    OpenAIRE

    Londoño, Fabio

    2011-01-01

    Se hace una breve reseña histórica de las primeras comunicaciones sobre esporotricosis. Se destaca la amplia difusión de la enfermedad en nuestro país. 3. Se hace notar la no existencia de datos bibliográficos sobre formas extracutáneas. 4. Se llama la atención sobre la eficaz ayuda de la intradermo-reacción con esporotriquina en el diagnóstico de la enfermedad. 5- Se comunica un caso de esporotricosis verrugosa tratado con anfotericin B, con excelentes resultados

  17. Apuntes sobre esporotricosis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabio Londoño

    1960-01-01

    Full Text Available Se hace una breve reseña histórica de las primeras comunicaciones sobre esporotricosis. Se destaca la amplia difusión de la enfermedad en nuestro país. 3. Se hace notar la no existencia de datos bibliográficos sobre formas extracutáneas. 4. Se llama la atención sobre la eficaz ayuda de la intradermo-reacción con esporotriquina en el diagnóstico de la enfermedad. 5- Se comunica un caso de esporotricosis verrugosa tratado con anfotericin B, con excelentes resultados

  18. A eficácia do treinamento auditivo formal em indivíduos com transtorno de processamento auditivo Formal auditory training efficacy in individuals with auditory processing disorder

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tatiane Eisencraft Zalcman

    2007-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a eficácia de um programa de Treinamento Auditivo comparando o desempenho inicial, nos testes comportamentais, com o desempenho após o treinamento auditivo aplicado em indivíduos com Transtorno de Processamento Auditivo. MÉTODOS: Participaram do estudo 30 sujeitos com idades entre oito e 16 anos, que passaram por uma avaliação comportamental inicial do processamento auditivo em que foram utilizados dois testes monóticos e dois dicóticos. Posteriormente foram submetidos a um programa de treinamento de auditivo durante oito semanas, a fim de reabilitar as habilidades auditivas encontradas alteradas na avaliação inicial do processamento auditivo e por fim passaram por uma nova avaliação comportamental do processamento auditivo. RESULTADOS: Após o treinamento auditivo houve melhora em todos os testes aplicados. No teste PSI, pré-treinamento auditivo, as crianças, as crianças tinham uma média de acerto de 66,8% que passou para 86,2% após o treinamento auditivo. No teste de fala com ruído, as crianças tinham uma média de acerto de 69,3% pré-treinamento auditivo que passou a ser 80,5% pós-treinamento auditivo. No teste DNV, a média de acerto pré-treinamento auditivo era de 72,6% e passou a ser 91,4%. Finalmente, no teste SSW a treinamento auditivo média de acerto era de 42,2% pré-treinamento auditivo e passou a ser 88,9% pós. CONCLUSÃO: O programa de treinamento auditivo utilizado foi eficaz na reabilitação das habilidades auditivas encontradas alteradas nas crianças com Transtorno de Processamento Auditivo.PURPOSE: To assess the effectiveness of the Auditory Training comparing the performance in the behavioral tests before and after auditory training in individuals with Auditory Processing Disorders. METHODS: Thirty individuals with ages ranging from eight to 16 years were submitted to an auditory processing evaluation, which consisted of two monotic and two dichotic tests. After that, the

  19. Early reversal of profound rocuronium-induced neuromuscular blockade by sugammadex in a randomized multicenter study - Efficacy, safety, and pharmacokinetics

    NARCIS (Netherlands)

    Sparr, Harald J.; Vermeyen, Karel M.; Beaufort, Anton M.; Rietbergen, Henk; Proost, Johannes H.; Saldien, Vera; Velik-Salchner, Corinna; Wierda, J. Mark K. H.

    Background: Sugammadex reverses the neuromuscular blocking effects of rocuronium by chemical encapsulation. The efficacy, safety, and pharmacokinetics of sugammadex for reversal of profound rocuronium-induced neuromuscular blockade were evaluated. Methods: Ninety-eight male adult patients were

  20. Treinamento resistido progressivo nas doenças musculoesqueléticas crônicas Progressive resistance training in chronic musculoskeletal disorders

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata Trajano Jorge

    2009-12-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: O treinamento resistido progressivo tem sido sugerido como uma modalidade terapêutica que tenta promover uma padronização da prescrição de exercícios em fisioterapia, além de otimizar os resultados da terapia. OBJETIVO: Revisar os estudos que utilizaram o treinamento resistido progressivo em doenças musculoesqueléticas crônicas e demonstrar a importância da inclusão deste tipo de treinamento na reabilitação destas doenças. FONTE DE DADOS: A pesquisa foi realizada através dos bancos de dados Pubmed, Medline e Lilacs sem restrições a datas e/ou idiomas. REVISÃO: Já se encontra bem fundamentada a importância da aplicação de exercícios terapêuticos em fisioterapia devido aos inúmeros benefícios atribuídos a esta modalidade terapêutica. Apesar de comprovadamente eficazes, os exercícios de alta intensidade ainda não são prescritos rotineiramente e esta prescrição geralmente não é feita de maneira padronizada, não nos permitindo chegar a um consenso quanto ao tipo de fortalecimento utilizado, o cálculo da carga e a sua progressão. O treinamento resistido progressivo é realizado através do aumento gradual de carga durante o período de treinamento. O número de repetições que cada indivíduo pode completar depende do cálculo da repetição máxima. CONCLUSÃO: Baseando-se nos achados desta revisão, recomenda-se o uso de exercícios resistidos progressivos como complemento dos exercícios tradicionais utilizados na reabilitação de doenças musculoesqueléticas crônicas para que seja possível padronizar os protocolos de atendimento, controlando e adequando individualmente a carga, e otimizar os resultados do treinamento. No entanto, vale ressaltar que novos estudos são necessários para que se chegue a conclusões mais fidedignas.INTRODUCTION: Progressive resistance training has been suggested as a therapeutic modality that attempts to promote the standardization of the prescription of

  1. Rapid synthesis of acetylcholine receptors at neuromuscular junctions.

    Science.gov (United States)

    Ramsay, D A; Drachman, D B; Pestronk, A

    1988-10-11

    The rate of acetylcholine receptor (AChR) degradation in mature, innervated mammalian neuromuscular junctions has recently been shown to be biphasic; up to 20% are rapidly turned over (RTOs; half life less than 1 day) whereas the remainder are lost more slowly ('stable' AChRs; half life 10-12 days). In order to maintain normal junctional receptor density, synthesis and insertion of AChRs should presumably be sufficiently rapid to replace both the RTOs and the stable receptors. We have tested this prediction by blocking pre-existing AChRs in the mouse sternomastoid muscle with alpha-bungarotoxin (alpha-BuTx), and monitoring the subsequent appearance of 'new' junctional AChRs at intervals of 3 h to 20 days by labeling them with 125I-alpha-BuTx. The results show that new receptors were initially inserted rapidly (16% at 24 h and 28% at 48 h). The rate of increase of 'new' 125I-alpha-BuTx binding sites gradually slowed down during the remainder of the time period studied. Control observations excluded possible artifacts of the experimental procedure including incomplete blockade of AChRs, dissociation of toxin-receptor complexes, or experimentally induced alteration of receptor synthesis. The present demonstration of rapid synthesis and incorporation of AChRs at innervated neuromuscular junctions provides support for the concept of a subpopulation of rapidly turned over AChRs. The RTOs may serve as precursors for the larger population of stable receptors and have an important role in the metabolism of the neuromuscular synapse.

  2. Quality of life after surgery for neuromuscular scoliosis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Peter Obid

    2013-02-01

    Full Text Available Surgery in patients with neuromuscular scoliosis is associated with a higher rate of complications. It is still controversially discussed whether the patients truly benefit from deformity correction. The purpose of this study is to investigate if the quality of life has been improved and if the patients and their caregivers are satisfied with the results of surgery. This is a retrospective clinical outcome study of 46 patients with neuromuscular scoliosis which were treated with primary stable posterior pedicle screw instrumentation and correction. To achieve fusion only autologous bone was used. Follow up was minimum 2 years and maximum 5 years with an average of 36 months. The patients and/or their caregivers received a questionnaire based on the PEDI (pediatric disability inventory and the GMFS (gross motor function score. The patients (and their caregivers were also asked if the quality of life has improved after surgery. Only 32 of 46 patients answered the questionnaire. The answers showed a high approval-rate regarding the patients satisfaction with the surgery and the improvement of quality of life. The questionnaire could be answered from 1 (I do not agree to 4 (I completely agree. The average agreement to the following statements was: i the quality of life has improved: 3.35; ii I am satisfied with surgery: 3.95; iii the operation has fulfilled my expectations: 3.76. The average age at surgery was 12.7 years. The mean pre-operative cobb-angle of the main curve was 83.1° with a correction post-operatively to a mean of 36.9° and 42.6° at final follow-up. That is an average correction of 56.9%. Although spinal fusion in neuromuscular scoliosis is associated with a higher rate of complications our results show that the patients and their caregivers are satisfied with the operation and the quality of life has improved after surgery.

  3. Neuromuscular activity of Bothrops fonsecai snake venom in vertebrate preparations

    Science.gov (United States)

    Fernandes, Carla T; Giaretta, Vânia MA; Prudêncio, Luiz S; Toledo, Edvana O; da Silva, Igor RF; Collaço, Rita CO; Barbosa, Ana M; Hyslop, Stephen; Rodrigues-Simioni, Léa; Cogo, José C

    2014-01-01

    The neuromuscular activity of venom from Bothrops fonsecai, a lancehead endemic to southeastern Brazil, was investigated. Chick biventer cervicis (CBC) and mouse phrenic nerve-diaphragm (PND) preparations were used for myographic recordings and mouse diaphragm muscle was used for membrane resting potential (RP) and miniature end-plate potential (MEPP) recordings. Creatine kinase release and muscle damage were also assessed. In CBC, venom (40, 80 and 160μg/ml) produced concentration- and time-dependent neuromuscular blockade (50% blockade in 85±9 min and 73±8 min with 80 and 160μg/ml, respectively) and attenuated the contractures to 110μM ACh (78–100% inhibition) and 40mM KCl (45–90% inhibition). The venom-induced decrease in twitch-tension in curarized, directly-stimulated preparations was similar to that in indirectly stimulated preparations. Venom (100 and 200μg/ml) also caused blockade in PND preparations (50% blockade in 94±13 min and 49±8 min with 100 and 200μg/ml, respectively) but did not alter the RP or MEPP amplitude. In CBC, venom caused creatine kinase release and myonecrosis. The venom-induced decrease in twitch-tension and in the contractures to ACh and K+ were abolished by preincubating venom with commercial antivenom. These findings indicate that Bothrops fonsecai venom interferes with neuromuscular transmission essentially through postsynaptic muscle damage that affects responses to ACh and KCl. These actions are effectively prevented by commercial antivenom. PMID:25028603

  4. Running Economy: Neuromuscular and Joint Stiffness Contributions in Trained Runners.

    Science.gov (United States)

    Tam, Nicholas; Tucker, Ross; Santos-Concejero, Jordan; Prins, Danielle; Lamberts, Robert P

    2018-05-29

    It is debated whether running biomechanics make good predictors of running economy, with little known information about the neuromuscular and joint stiffness contributions to economical running gait. The aim of this study was to understand the relationship between certain neuromuscular and spatiotemporal biomechanical factors associated with running economy. Thirty trained runners performed a 6-minute constant-speed running set at 3.3 m∙s -1 , where oxygen consumption was assessed. Overground running trials were also performed at 3.3 m∙s -1 to assess kinematics, kinetics and muscle activity. Spatiotemporal gait variables, joint stiffness, pre-activation and stance phase muscle activity (gluteus medius; rectus femoris (RF); biceps femoris(BF); peroneus longus (PL); tibialis anterior (TA); gastrocnemius lateralis and medius (LG and MG) were variables of specific interest and thus determined. Additionally, pre-activation and ground contact of agonist:antagonist co-activation were calculated. More economical runners presented with short ground contact times (r=0.639, p<0.001) and greater strides frequencies (r=-0.630, p<0.001). Lower ankle and greater knee stiffness were associated with lower oxygen consumption (r=0.527, p=0.007 & r=0.384, p=0.043, respectively). Only LG:TA co-activation during stance were associated with lower oxygen cost of transport (r=0.672, p<0.0001). Greater muscle pre-activation and bi-articular muscle activity during stance were associated with more economical runners. Consequently, trained runners who exhibit greater neuromuscular activation prior to and during ground contact, in turn optimise spatiotemporal variables and joint stiffness, will be the most economical runners.

  5. Neuromuscular Responses to Simulated Brazilian Jiu-Jitsu Fights

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Corrêa da Silva Bruno Victor

    2014-12-01

    Full Text Available The aim of this study was to investigate the neuromuscular performance responses following successive Brazilian Jiu-Jitsu (BJJ fights. Twenty-three BJJ athletes (age: 26.3 ± 6.3 years; body mass: 79.4 ± 9.7 kg; body height: 1.80 ± 0.1 m undertook 3 simulated BJJ fights (10 min duration each separated by 15 min of rest. Neuromuscular performance was measured by the bench press throw (BPT and vertical counter movement jump (VCMJ tests, assessed before the 1st fight (Pre and after the last one (Post. Blood lactate (LA was measured at Pre, 1 min Post, and 15 min Post fights. Paired t-tests were employed in order to compare the BPT and VCMJ results. One-way ANOVA with Bonferroni post hoc tests were utilized to compare LA responses. The results revealed a significant (p < 0.05 increase in VCMJ performance (40.8 ± 5.5 cm Pre vs. 42.0 ± 5.8 cm Post, but no significant changes in the BPT (814 ± 167 W Pre vs. 835 ± 213 W Post were observed. LA concentration increased significantly (p < 0.05 at Post, both in the 1st min and the 15th min of recovery. We concluded that successive simulated BJJ fights demanded considerable anaerobic contribution of ATP supply, reinforcing the high-intensity intermittent nature of the sport. Nevertheless, no negative impact on acute neuromuscular performance (power was observed.

  6. Diagnostics of neuromuscular diseases with the aid of computerized tomography

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Visser, M de; Verbeeten, Jr, B J

    1988-06-04

    In this article the diagnosis of neuromuscular diseases with the aid of computerized tomography is treated. Computerized tomography of skeletal muscles give no information which is pathognomonic for particular diseases. But the technique can be used in the following aspects: to choose a muscle for a biopsy; when it is not possible to examine the function of a muscle, a CT scan can visualize morphological deviations; in the differentiation of muscle hypertrophy and pseudo-hypertrophy. For some cases as Becker-type muscular dystrophy, facioscapulohumeral dystrophy and Kugelberg-Welander type spinal muscular atrophy computerized tomography gives characteristic images. 10 refs.; 6 figs.

  7. Diagnostics of neuromuscular diseases with the aid of computerized tomography

    International Nuclear Information System (INIS)

    Visser, M. de; Verbeeten, B.J. Jr.

    1988-01-01

    In this article the diagnosis of neuromuscular diseases with the aid of computerized tomography is treated. Computerized tomography of skeletal muscles give no information which is pathognomonic for particular diseases. But the technique can be used in the following aspects: to choose a muscle for a biopsy; when it is not possible to examine the function of a muscle, a CT scan can visualize morphological deviations; in the differentiation of muscle hypertrophy and pseudo-hypertrophy. For some cases as Becker-type muscular dystrophy, facioscapulohumeral dystrophy and Kugelberg-Welander type spinal muscular atrophy computerized tomography gives characteristic images. 10 refs.; 6 figs

  8. Cardiac involvement in children with neuro-muscular disorders

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    E. N. Arkhipova

    2015-01-01

    Full Text Available Many inherited neuromuscular disorders include cardiac involvement as a typical clinical feature. Among the most common of them is the group of muscular dystrophies. Dilated cardiomyopathy, ventricular arrhythmias, atrial fibrillations, atrioventricular and intraventricular conduction abnormalities, and sudden cardiac death are well known pathological findings in Duchenne muscular dystrophies, myotonic dystrophy type I and 2, Emery-Dreifuss muscular dystrophies and different types of limb-girdle muscular dystrophies and other disorders. Detection of cardiac pathology in patients with different muscular dystrophies is possible with ECG, echocardiography and cardiovascular magnetic resonance imaging, which are recommended for screening and early cardioprotective treatment.

  9. Schwann Cells in Neuromuscular Junction Formation and Maintenance.

    Science.gov (United States)

    Barik, Arnab; Li, Lei; Sathyamurthy, Anupama; Xiong, Wen-Cheng; Mei, Lin

    2016-09-21

    The neuromuscular junction (NMJ) is a tripartite synapse that is formed by motor nerve terminals, postjunctional muscle membranes, and terminal Schwann cells (TSCs) that cover the nerve-muscle contact. NMJ formation requires intimate communications among the three different components. Unlike nerve-muscle interaction, which has been well characterized, less is known about the role of SCs in NMJ formation and maintenance. We show that SCs in mice lead nerve terminals to prepatterned AChRs. Ablating SCs at E8.5 (i.e., prior nerve arrival at the clusters) had little effect on aneural AChR clusters at E13.5, suggesting that SCs may not be necessary for aneural clusters. SC ablation at E12.5, a time when phrenic nerves approach muscle fibers, resulted in smaller and fewer nerve-induced AChR clusters; however, SC ablation at E15.5 reduced AChR cluster size but had no effect on cluster density, suggesting that SCs are involved in AChR cluster maturation. Miniature endplate potential amplitude, but not frequency, was reduced when SCs were ablated at E15.5, suggesting that postsynaptic alterations may occur ahead of presynaptic deficits. Finally, ablation of SCs at P30, after NMJ maturation, led to NMJ fragmentation and neuromuscular transmission deficits. Miniature endplate potential amplitude was reduced 3 d after SC ablation, but both amplitude and frequency were reduced 6 d after. Together, these results indicate that SCs are not only required for NMJ formation, but also necessary for its maintenance; and postsynaptic function and structure appeared to be more sensitive to SC ablation. Neuromuscular junctions (NMJs) are critical for survival and daily functioning. Defects in NMJ formation during development or maintenance in adulthood result in debilitating neuromuscular disorders. The role of Schwann cells (SCs) in NMJ formation and maintenance was not well understood. We genetically ablated SCs during development and after NMJ formation to investigate the consequences

  10. Preventing Ischial Pressure Ulcers: I. Review of Neuromuscular Electrical Stimulation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hilton M. Kaplan

    2011-01-01

    Full Text Available Objective: Pressure ulcers (PUs are common and debilitating wounds that arise when immobilized patients cannot shift their weight. Treatment is expensive and recurrence rates are high. Pathophysiological mechanisms include reduced bulk and perfusion of chronically atrophic muscles as well as prolonged occlusion of blood flow to soft tissues from lack of voluntary postural shifting of body weight. This has suggested that PUs might be prevented by reanimating the paralyzed muscles using neuromuscular electrical stimulation (NMES. A review of the published literature over the past 2 decades is detailed.

  11. MRI in neuromuscular disorders; MRT bei neuromuskulaeren Erkrankungen

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Fischmann, Arne [Klinik St. Anna, Luzern (Switzerland). Inst. fuer Radiologie und Nuklearmedizin; Fischer, Dirk [Kantonsspital Bruderholz (Switzerland)

    2014-03-15

    Neuromuscular disorders are caused by damage of the skeletal muscles or supplying nerves, in many cases due to a genetic defect, resulting in progressive disability, loss of ambulation and often a reduced life expectancy. Previously only supportive care and steroids were available as treatments, but several novel therapies are under development or in clinical trial phase. Muscle imaging can detect specific patterns of involvement and facilitate diagnosis and guide genetic testing. Quantitative MRT can be used to monitor disease progression either to monitor treatment or as a surrogate parameter for clinical trails. Novel imaging sequences can provide insights into disease pathology and muscle metabolism. (orig.)

  12. Avaliação de treinamento cirúrgico na graduação de medicina Evaluation of surgical training in medical school

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kátia Sheylla Malta Purim

    2013-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a efetividade de um treinamento de técnicas cirúrgicas em pata de porco durante a graduação em medicina. MÉTODOS: Estudo transversal com 87 acadêmicos de medicina voluntários, provenientes de diferentes períodos da graduação, que participaram de uma oficina básica para realização de incisões, suturas, biópsias, retalhos, enxertos, sob supervisão direta. Foram utilizados questionários autoaplicáveis pré e pós-treinamento. RESULTADOS: O ensino de suturas, biópsias e correção de orelha mostrou-se efetivo para o aprendizado de habilidades mínimas exigidas para as técnicas propostas (p0,97. CONCLUSÃO: A abordagem metodológica e o monitoramento de reprodução das técnicas mostraram-se adequados. O treinamento oferecido complementou as habilidades cirúrgicas cutâneas dos graduandos de medicina.OBJECTIVE: To evaluate the effectiveness of training in surgical techniques in pig feet during medical school. METHODS: We conducted a cross-sectional study with 87 volunteer medical students from different graduation semesters, who attended a basic workshop for incisions, sutures, biopsies, flaps, grafts, under direct supervision. Pre and post-training self-administered questionnaires were used. RESULTS: The teaching of sutures, biopsies and ear correction was effective for learning of the minimal skills required for the proposed techniques (p 0 97. CONCLUSION: The methodological approach and monitoring of techniques' reproduction were adequate. The training offered complemented cutaneous surgical skills of undergraduate medicine students.

  13. ANÁLISE DO NÍVEL DE TREINAMENTO DOS TRABALHADORES DA CONSTRUÇÃO CIVIL NA CIDADE DE MONTEIRO-PB

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Moraes Sobrinho

    2017-01-01

    Full Text Available A construção civil é uma área que apresenta grande importância econômica para o país. A área de construção requer os mais variados tipos de conhecimentos e competências técnicas e conceituais. O objetivo deste trabalho foi analisar o nível de treinamento dos trabalhadores da construção civil em Monteiro-PB. A relevância do trabalho reside no fato d o treinamento ser uma estratégia que pode agregar vantagem competitiva às organizações e estimular a redução de possíveis patologias, bem como ajudar a reduzir custos e retrabalhos. A pesquisa, delineada como estudo de campo, utilizou entrevistas com gestores da construção da cidade de Monteiro-PB e formulários aplicados junto aos trabalhadores do nível operacional, para um diagnóstico mais preciso. Os dados foram coletados na primeira quinzena de março de 2016. Os dados apontam para a falta de capacitação, treinamentos e estímulos ao desenvolvimento para os trabalhadores da construção na região. Conclui-se que os gestores de obras de Monteiro-PB ainda não dão o devido valor ao desenvolvimento de competências que poderão conduzir suas empresas a maiores níveis de competitividade e que os trabalhadores ainda carecem de estratégias para sua formação e desenvolvimento profissional, o que pode, a médio prazo, afetar a sua empregabilidade.

  14. TREINAMENTO HIGIÊNICO-SANITÁRIO NA PRODUÇÃO LEITEIRA: ESTUDO DE CASO EM AGRICULTORES FAMILIARES NO SUDESTE DO PARANÁ

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Mattioda

    2012-02-01

    Full Text Available O objetivo do presente trabalho foi transferir informações a produtores de leite, por meio de treinamento higiênico-sanitário, e verificar se houve melhora na qualidade do leite através das analises do Contagem Bacteriana Total e Contagem de Células Somáticas. A primeira etapa desta pesquisa foi a seleção e caracterização das propriedades rurais leiteiras, trabalhadas como Unidade de Referência, através de questionários e visitas técnicas. O treinamento higiênico-sanitário foi feito com base em exigências estabelecidas na Instrução Normativa nº 51, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA. E, para a verificação da melhoria da qualidade do leite, fez-se a coleta de amostras de leite cru em cada Unidade de Referência, e encaminhadas para análise. Dessa forma, a pesquisa teve como resultados a melhora dos valores de Contagem Bacteriana Total e Contagem de Células Somáticas, podendo-se concluir que a transferência de informações e tecnologias por meio do treinamento higiênico-sanitário foi eficiente. Ressalta-se que os valores de células somáticas sofrem interferência de fatores externos, enquanto a Contagem Bacteriana Total teve maior redução dos valores, pois depende dos procedimentos realizados pelos ordenhadores.

  15. Sugammadex, a new reversal agent for neuromuscular block induced by rocuronium in the anaesthetized Rhesus monkey.

    NARCIS (Netherlands)

    Boer, H.D. de; Egmond, J. van; Pol, F. van de; Bom, A.; Booij, L.H.D.J.

    2006-01-01

    BACKGROUND: Binding of the steroidal molecule of rocuronium by a cyclodextrin is a new concept for reversal of neuromuscular block. The present study evaluated the ability of Sugammadex Org 25969, a synthetic gamma-cyclodextrin derivative, to reverse constant neuromuscular block of about 90% induced

  16. Reversal of rocuronium-induced profound neuromuscular block by sugammadex in Duchenne muscular dystrophy.

    NARCIS (Netherlands)

    Boer, H.D. de; Egmond, J. van; Booij, L.H.D.J.; Driessen, J.J.

    2009-01-01

    A case is reported in which a child with Duchenne muscular dystrophy received a dose of sugammadex to reverse a rocuronium-induced profound neuromuscular block. Sugammadex is the first selective relaxant binding agent and reverses rocuronium- and vecuronium-induced neuromuscular block. A fast and

  17. A new approach to anesthesia management in myasthenia gravis: reversal of neuromuscular blockade by sugammadex.

    NARCIS (Netherlands)

    Boer, H.D. de; Egmond, J. van; Driessen, J.J.; Booij, L.H.D.J.

    2010-01-01

    A neuromuscular blocking drug (NMBD) induced neuromuscular blockade (NMB) in patients with myasthenia gravis usually dissipates either spontaneously or by administration of neostigmine. We administered sugammadex to a patient with myasthenia gravis to reverse a rocuronium-induced profound NMB. NMBDs

  18. Fatigue in neuromuscular disorders: Focus on Guillain-Barré syndrome and Pompe disease

    NARCIS (Netherlands)

    J.M. de Vries (Juna); M.L.C. Hagemans (Marloes); J.B.J. Bussmann (Hans); A.T. van der Ploeg (Ans); P.A. van Doorn (Pieter)

    2010-01-01

    textabstractFatigue accounts for an important part of the burden experienced by patients with neuromuscular disorders. Substantial high prevalence rates of fatigue are reported in a wide range of neuromuscular disorders, such as Guillain-Barré syndrome and Pompe disease. Fatigue can be subdivided

  19. Efeitos da facilitação neuromuscular proprioceptiva na estabilidade postural e risco de quedas em pacientes com sequela de acidente vascular encefálico: estudo piloto Efectos de la facilitación neuromuscular propioceptiva en la estabilidad postural y riesgo de caídas en pacientes con secuela de accidente vascular encefálico: estudio piloto Effects of proprioceptive neuromuscular facilitation in postural stability and risk of falls in patients with sequelae of stroke: pilot study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Natália Noman de Lacerda

    2013-03-01

    Full Text Available O controle do tronco é uma habilidade motora básica necessária para executar diversas tarefas funcionais, e é deficiente em pacientes que sofreram acidente vascular encefálico (AVE. Objetivo: Avaliar o efeito do método facilitação neuromuscular proprioceptiva (PNF na estabilidade postural e risco de quedas em pacientes com sequela de AVE. Metodologia: Foi realizado estudo de intervenção que consistiu em treinamento da estabilidade postural por meio de um protocolo fixo constituído por 5 exercícios utilizando o método PNF, onde foram realizados 10 atendimentos com frequência de três vezes por semana e duração em média de 45 minutos, e para a avaliação dos desfechos, utilizou-se a escala de equilíbrio de Berg (EEB. Resultados: Foram atendidos 12 homens com hemiparesia à esquerda e no mínimo seis meses de evolução e observou-se diferença altamente significativa entre os valores pré e pós teste por meio da EEB (pEl control del tronco es una habilidad motora básica necesaria para realizar diversas tareas funcionales y es deficiente en los pacientes que han sufrido Accidente Vascular Encefálico (AVE. Objetivo: Evaluar el efecto del método de Facilitación Neuromuscular Propioceptiva (PNF en la estabilidad postural y riesgo de caídas en pacientes con secuela de Accidente Vascular Encefálico (AVE. Metodología: Se realizó un estudio de intervención que consistió en entrenamiento de la estabilidad postural por medio de un protocolo fijo compuesto por cinco ejercicios utilizando el método PNF, donde fueron realizadas 10 sesiones, con frecuencia de tres veces por semana y duración media de 45 minutos. Para la evaluación de los resultados, se utilizó la escala de equilibrio de Berg (EEB. Resultados: Fueron atendidos 12 hombres con hemiparesia izquierda con un mínimo de seis meses de evolución y se observó diferencia altamente significativa entre los valores pre y post test por medio de la EEB (pThe trunk control is

  20. A INFLUÊNCIA DO TREINAMENTO RESISTIDO E AERÓBIO EM FORMA DE CIRCUIT TRAINING NO CONTROLE GLICÊMICO DO DIABETES TIPO I: ESTUDO DE CASO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos Tadeu Grzelczak

    2012-01-01

    Full Text Available O diabetes Mellitus é uma doença que pode desencadear uma série de complicações, desde problemas renais, hipertensão até cegueira e amputações. O exercício é normalmente indicado para portadores de diabetes, auxiliando no controle da doença, aumentando a sensibilidade à insulina, estabilizando as taxas de glicose no sangue auxiliando no controle de peso e redução das doses de insulina. Este estudo teve por objetivo analisar a influência do treinamento de musculação ou treinamento resistido,sendo desenvolvido em forma de circuito com treinamento aeróbio durante as seções, no controle da glicemia de um diabético tipo 1 (insulino dependente. A amostra foi composta por um homem de 27 anos portador de Diabetes Mellitus tipo1, insulino dependente a 4 anos. O programa de exercícios teve duração de 90dias e consistiu de um Circuit Training de musculação(contrações dinâmicas em séries únicas de 30 repetições e aeróbio (intensidade60% a 80% da frequência cardíaca máxima, foi aplicada na estatística descritiva.Foi observado diminuição da média glicêmica de 209,3 mg/dl no inicio do treinamentopara 122,4 mg/dl, ao final do estudo, uma diminuição de 41,52 % em relação a média inicial. Observou-se diminuição dos níveis de HbA1c de 7,10% para 5,02%. Neste sentido o treinamento de musculação e aeróbio em Circuit Training demonstrou ser uma opção salutar para o controle glicêmico de portadores de diabetes tipo1.

  1. Influência do treinamento resistido na qualidade de vida de idosas com hipertensão arterial sistêmica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rudolfo Hummel Gurgel Vieira

    2012-02-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A hipertensão arterial sistêmica (HAS é um dos principais problemas de saúde pública em todo o mundo, afetando principalmente mulheres idosas. O hipertenso pode ter sua qualidade de vida (QV prejudicada em função das comorbidades inerentes à doença em questão. Dessa forma, o treinamento resistido (TR vem sendo cada vez mais recomendado como terapêutica não-farmacológica dessa moléstia, uma vez que contribui para redução de incapacidades em indivíduos com e sem doenças cardiovasculares. OBJETIVO: Avaliar a QV, dada pelos questionários genérico (SF-36 e específico (MINICHAL, em idosas hipertensas controladas submetidas a programa de treinamento resistido. MÉTODOS: O TR foi realizado durante oito semanas, três vezes por semana, em dias alternados. A intensidade do treinamento foi periodizada ao longo do treinamento. Para avaliação da QV, utilizaram-se os questionários SF-36 e MINICHAL, antes e após o programa de TR. Na análise estatística utilizaram-se os testes Kolmogorov-Smirnov para verificar a normalidade dos dados, bem como o t de Student, considerando significativo p < 0,05. RESULTADOS: A análise do SF-36 mostrou um aumento no valor médio de quase todas as variáveis analisadas, contrapondo-se apenas aos domínios aspectos sociais e saúde mental. Houve diferença significativa com relação ao estado geral de saúde (EGS (p = 0,02. Para o MINICHAL não foi observada diferença significativa nos domínios analisados, embora tenha apresentado redução do valor médio de todos os quesitos analisados. CONCLUSÃO: Nossos dados sugerem que o TR mostrou-se eficaz com relação ao domínio EGS pertencente ao SF-36. Em contrapartida, não foram evidenciadas alterações na QV das idosas quando avaliadas com o questionário específico MINICHAL.

  2. Respostas fisiológicas, perceptuais e afetivas de seis protocolos de treinamento intervalado de alta intensidade em universitários

    OpenAIRE

    Follador, Lucio

    2016-01-01

    Orientador : Prof. Dr. Sergio Gregorio da Silva Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Educação Física. Defesa: Curitiba, 26/02/2016 Inclui referências : f. 50-59 Área de concentração: Exercício e esporte Resumo: Objetivo: comparar as respostas fisiológicas, perceptuais e afetivas de seis protocolos de treinamento intervalado de alta intensidade (HIIT, do inglês High Intensity Interval Training) em univer...

  3. Efeito do treinamento físico aeróbio nas respostas cardiovasculares de ratos hipertensos tratados com betabloqueador ou inibidor direto da renina

    OpenAIRE

    Karla Fabiana Goessler

    2012-01-01

    A hipertensão arterial é considerada como um fator de risco para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares. Os betabloqueadores e o inibidor direto da renina (IDR) são uma alternativa de tratamento, por reduzir os valores da pressão arterial (PA) de repouso, assim como a prática regular de exercício físico. Os objetivos do estudo foram: 1) Determinar um protocolo de hipertensão, com bloqueio do óxido nítrico, e um protocolo de treinamento; 2) Verificar o comportamento da pressão arterial ...

  4. Efeitos do treinamento físico no controle reflexo da pressão arterial e estresse oxidativo de ratos espontaneamente hipertensos

    OpenAIRE

    Mariane Bertagnolli

    2004-01-01

    A hipertensão é uma doença multifatorial pela interação de vários mecanismos fisiopatológicos, sendo considerada um importante fator de risco para outras doenças cardiovasculares. Uma vez que o exercício tem sido recomendado com uma forma de tratamento antihipertensivo, buscou-se avaliar os efeitos do treinamento físico nos sistemas reguladores da pressão arterial (PA) e no seu controle reflexo, e sua correlação com o estresse oxidativo de ratos espontaneamente hipertensos (SHR). Assim, este ...

  5. Auto e hetero-avaliação no diagnóstico de necessidades de treinamento Self and hetero assessment in training needs diagnostic

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mônica Lemes Magalhães

    2001-06-01

    Full Text Available O presente estudo teve como objetivos: desenvolver uma metodologia de avaliação de necessidades de treinamento que incluísse atitudes; estudar a relação entre auto e hetero-avaliação, buscando avaliar conhecimentos, habilidades e atitudes; e avaliar a relação entre a auto-avaliação e algumas variáveis preditoras (tempo de trabalho na organização e na função, emprego anterior, gênero, estado civil, escolaridade e idade. Foram desenvolvidos questionários, de acordo com o método de análise de papel ocupacional. Esses questionários foram aplicados em 898 bancários e seus supervisores imediatos. Os resultados sugeriram que a metodologia parece ser adequada para analisar necessidades de treinamento. Mostraram também que existe relação significativa entre auto e hetero-avaliação de necessidades de treinamento, embora supervisores tendam a apontar maiores necessidades de treinamento, em seus subordinados, do que as auto-avaliações destes mesmos.The objectives of the present study were: to develop a training needs assessment methodology that included attitudes; to study the relationship between self and hetero assessment, by assessing knowledge, skills and attitudes; and to evaluate the relationship between self-assessment and some predicting variables (work experience at the organizational and occupational levels, prior job experience, gender, marital status, schooling and age. Questionnaires were developed, following the method of occupational role analysis. These questionnaires were applied in 898 bank employees and their immediate supervisors. Results have suggested that the methodology seems to be appropriate for analyzing training needs. They have also shown that there is a significant relationship between self and hetero assessments of training needs. However, supervisors tend to point higher training needs, in their subordinates, than the self-assessments made by the latter.

  6. RECRUTAMENTO, SELEÇÃO E TREINAMENTO EM EMPRESAS DE TI: UMA AVALIAÇÃO DAS PRÁTICAS ADOTADAS PELAS EMPRESAS DE LAVRAS

    OpenAIRE

    Nunes, Eryclis Miguel; Universidade Federal De Lavras; Vilas Boas, Ana Alice

    2016-01-01

    Esta pesquisa busca avaliar as práticas de Gestão de Pessoas, mais precisamente Recrutamento, Seleção e Treinamento nas empresas de Tecnologia da Informação (TI) do município de Lavras e entender seu inter- relacionamento com os serviços prestados por estas empresas. Para tanto, buscou-se entender como as empresas gerenciam essas atividades de Administração de Recursos Humanos (ARH) ou Gestão de Pessoas (GP), principalmente em termos de capacitação para atendimento às demandas das empresas cl...

  7. Avaliação comportamental do processamento auditivo pré e pós treinamento auditivo formal em indivíduos após traumatismo cranioencefálico

    OpenAIRE

    Marangoni,Andréa Tortosa; Gil,Daniela

    2014-01-01

    Objetivo : Verificar os efeitos do treinamento auditivo formal em indivíduos após traumatismo cranioencefálico, utilizando testes comportamentais. Métodos : Nove indivíduos audiologicamente normais, que haviam sofrido traumatismo cranioencefálico grave, com lesão axional difusa, com ou sem lesão focal associada, foram submetidos à avaliação comportamental do processamento auditivo pré e pós treinamento auditivo formal em cabin...

  8. Electroestimulación neuromuscular intradiálisis, fuerza muscular, capacidad funcional y composición corporal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandra Rubio Páez

    2015-12-01

    Full Text Available Introducción: La capacidad funcional disminuida y la importante atrofia muscular caracterizan a los pacientes en hemodiálisis (HD. El ejercicio físico intradiálisis y recientemente la electroestimulación neuromuscular (EMS, representan dos serias opciones terapéuticas para mejorar esta deteriorada condición física. Actualmente, no existen estudios publicados sobre el papel de la EMS y la composición corporal en los pacientes en HD. Objetivo: Analizar que efecto produce un programa de EMS sobre la fuerza muscular, capacidad funcional, parámetros nutricionales y composición corporal en nuestros pacientes en HD. Material y Métodos: Estudio unicéntrico, prospectivo de 12 semanas de duración. Los pacientes incluidos realizaron un programa adaptativo de EMS en ambos cuádriceps intradiálisis mediante el dispositivo Compex R Theta 500i. Analizamos: 1.- Parámetros nutricionales (Albumina, pre albúmina, triglicéridos, colesterol total y fracciones, ferritina y Proteína C reactiva. 2.- Datos musculares: Composición muscular cuadriceps, Fuerza extensión máxima cuádriceps (FEMQ y handgrip (HG brazo dominante. 3.- Test funcionales: "Sit to stand to sit" (STS10 y "six-minutes walking test" (6MWT. 4.- Composición corporal mediante biompedancia electrica (BIA. Resultados: 13 pacientes incluidos: (69.2% hombres. Edad media: 65.7 años y 33.9 meses en HD. I.Charlson medio 9.1. La principal etiología de la ERC fue la DM (38.5%. Al final del estudio se observó una mejoría en (*p<0.05: FEMQ* (11.7±7.1 vs 13.4±7.4 Kg, STS10 (39.3±15.5 vs 35.8±13.7 seg, 6MWT* (9.9%, 293.2 vs 325.2 m. En relación a la composición corporal, se observó únicamente un aumento significativo del área muscular (AMQ*: 128.6 ± 30.2 vs 144.6 ± 22.4 cm² y una disminución del área grasa (AGQ*: 76.5 ± 26.9 vs 62.1 ± 20.1 cm² a nivel quadricipital, sin cambios en el resto de datos analizados (% grasa abdominal, peso graso, peso magro, agua corporal total

  9. The immediate effect of neuromuscular joint facilitation on the rotation of the tibia during walking.

    Science.gov (United States)

    Li, Desheng; Huang, Qiuchen; Huo, Ming; Hiiragi, Yukinobu; Maruyama, Hitoshi

    2017-01-01

    [Purpose] The aim of this study was to investigate the change in tibial rotation during walking among young adults after neuromuscular joint facilitation therapy. [Subjects and Methods] The subjects were twelve healthy young people (6 males, 6 females). A neuromuscular joint facilitation intervention and nonintervention were performed. The interventions were performed one after the other, separated by a 1-week interval. The order of the interventions was completely randomized. The rotation of the tibia during walking was evaluated before and after treatment. [Results] The neuromuscular joint facilitation group demonstrated increased lateral rotation of the tibia in the overall gait cycle and stance phase, and decreased medial rotation of the tibia in the overall gait cycle, stance phase, and swing phase after the neuromuscular joint facilitation intervention. In the control group, there were no significant differences. [Conclusion] These results suggest neuromuscular joint facilitation intervention has an immediate effect on the rotational function of the knee.

  10. Alteração da relação testosterona: cortisol induzida pelo treinamento de força em mulheres Alteración de la relación testosterona: cortisol inducida por el entrenamiento de fuerza en mujeres Alteration of testosterone: cortisol ratio induced by resistance training in women

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marco Carlos Uchida

    2004-06-01

    Full Text Available A razão entre a concentração de testosterona e cortisol (T:C é freqüentemente utilizada como indicativo do nível de estresse imposto pelo exercício. Alterações na concentração destes hormônios são responsáveis por modular diversas respostas induzidas pelo treinamento, como hipertrofia e ganho de força. O objetivo do presente estudo foi examinar a influência do protocolo de treinamento de força, conhecido como múltiplas-séries (MS, sobre o ganho de força, de resistência muscular localizada e a relação entre a concentração de hormônios catabólicos (cortisol e anabólicos (testosterona. Para testar esta hipótese cinco jovens do sexo feminino com um ano de experiência em treinamento de força foram submetidas ao protocolo MS. As amostras de sangue foram coletadas antes e imediatamente após o exercício, no primeiro dia e após oito semanas de treinamento. Os testes de 1-RM e de repetições máximas foram realizados também no início e ao final das oito semanas de treinamento de força. Não foram observadas alterações na massa corporal, no IMC, na percentagem de massa gorda e na força máxima (1-RM no supino, no agachamento e na rosca direta. O número de repetições máximas a 50% de 1-RM foi aumentado apenas para o supino (p La razón entre testosterona y cortisol (T:C es frecuentemente utilizada como indicador del nivel de stress impuesto por el ejercicio. Las alteraciones de las concentraciones de estas hormonas son las responsables por modular diversas respuestas inducidas por el entrenamiento, como son la hipertrofia y el aumento de la fuerza. El objetivo del presente estudio fué examinar la influencia del protocolo de entrenamiento de fuerza, conocido como series multiples (MS, sobre la ganancia de fuerza, la resistencia muscular localizada y la relación entre las concentraciones de las hormonas catabólicas (cortisol y anabólicas (testoterona. Para testar esta hipótesis, cinco jovenes del sexo feminino

  11. Motor unit recruitment during neuromuscular electrical stimulation: a critical appraisal.

    Science.gov (United States)

    Bickel, C Scott; Gregory, Chris M; Dean, Jesse C

    2011-10-01

    Neuromuscular electrical stimulation (NMES) is commonly used in clinical settings to activate skeletal muscle in an effort to mimic voluntary contractions and enhance the rehabilitation of human skeletal muscles. It is also used as a tool in research to assess muscle performance and/or neuromuscular activation levels. However, there are fundamental differences between voluntary- and artificial-activation of motor units that need to be appreciated before NMES protocol design can be most effective. The unique effects of NMES have been attributed to several mechanisms, most notably, a reversal of the voluntary recruitment pattern that is known to occur during voluntary muscle contractions. This review outlines the assertion that electrical stimulation recruits motor units in a nonselective, spatially fixed, and temporally synchronous pattern. Additionally, it synthesizes the evidence that supports the contention that this recruitment pattern contributes to increased muscle fatigue when compared with voluntary actions and provides some commentary on the parameters of electrical stimulation as well as emerging technologies being developed to facilitate NMES implementation. A greater understanding of how electrical stimulation recruits motor units, as well as the benefits and limitations of its use, is highly relevant when using this tool for testing and training in rehabilitation, exercise, and/or research.

  12. Ultrastructural findings in noncompaction prevail with neuromuscular disorders.

    Science.gov (United States)

    Finsterer, Josef; Stöllberger, Claudia

    2013-01-01

    Little is known about the ultrastructural abnormalities of left ventricular hypertrabeculation/noncompaction (LVHT). This literature review aimed to summarize and discuss ultrastructural abnormalities described in LVHT so far. The literature search was conducted via MEDLINE using the search terms 'non-compaction', 'noncompaction', 'left ventricular hypertrabeculation', 'spongy myocardium' in combination with the terms 'ultra-structural', or 'electron microscopy'. Altogether, 11 studies reporting ultrastructural investigations of LVHT were retrieved. In these 11 studies, data on 13 patients with LVHT were presented. Ultrastructural abnormalities found in these study patients were generally nonspecific and included an increase in the number of mitochondria (n = 3), abnormally shaped mitochondria (n = 2), distorted cristae (n = 3), sarcomeric derangement (n = 3), immature cardiomyocytes (n = 1), lipid-like inclusions (n = 1), enlarged interstitial spaces (n = 1), increased interstitial collagen (n = 1), or increased glycogen (n = 1). The morphological abnormalities were most prominent in patients with a neuromuscular disorder like Barth syndrome or mitochondrial myopathy. Only in few patients with LVHT, ultrastructural investigations have been performed so far. Ultrastructural abnormalities in LVHT are nonspecific and most prominent in patients with a neuromuscular disorder. There is a strong need to carry out thorough ultrastructural investigations of LVHT to contribute to the understanding of this still unexplained myocardial abnormality.

  13. Neuromuscular rate of force development deficit in Parkinson disease.

    Science.gov (United States)

    Hammond, Kelley G; Pfeiffer, Ronald F; LeDoux, Mark S; Schilling, Brian K

    2017-06-01

    Bradykinesia and reduced neuromuscular force exist in Parkinson disease. The interpolated twitch technique has been used to evaluate central versus peripheral manifestations of neuromuscular strength in healthy, aging, and athletic populations, as well as moderate to advanced Parkinson disease, but this method has not been used in mild Parkinson disease. This study aimed to evaluate quadriceps femoris rate of force development and quantify potential central and peripheral activation deficits in individuals with Parkinson disease. Nine persons with mild Parkinson Disease (Hoehn & Yahr≤2, Unified Parkinson Disease Rating Scale total score=mean 19.1 (SD 5.0)) and eight age-matched controls were recruited in a cross-sectional investigation. Quadriceps femoris voluntary and stimulated maximal force and rate of force development were evaluated using the interpolated twitch technique. Thirteen participants satisfactorily completed the protocol. Individuals with early Parkinson disease (n=7) had significantly slower voluntary rate of force development (p=0.008; d=1.97) and rate of force development ratio (p=0.004; d=2.18) than controls (n=6). No significant differences were found between groups for all other variables. Persons with mild-to-moderate Parkinson disease display disparities in rate of force development, even without deficits in maximal force. The inability to produce force at a rate comparable to controls is likely a downstream effect of central dysfunction of the motor pathway in Parkinson disease. Copyright © 2017. Published by Elsevier Ltd.

  14. Toward Balance Recovery With Leg Prostheses Using Neuromuscular Model Control

    Science.gov (United States)

    Geyer, Hartmut

    2016-01-01

    Objective Lower limb amputees are at high risk of falling as current prosthetic legs provide only limited functionality for recovering balance after unexpected disturbances. For instance, the most established control method used on powered leg prostheses tracks local joint impedance functions without taking the global function of the leg in balance recovery into account. Here we explore an alternative control policy for powered transfemoral prostheses that considers the global leg function and is based on a neuromuscular model of human locomotion. Methods We adapt this model to describe and simulate an amputee walking with a powered prosthesis using the proposed control, and evaluate the gait robustness when confronted with rough ground and swing leg disturbances. We then implement and partially evaluate the resulting controller on a leg prosthesis prototype worn by a non-amputee user. Results In simulation, the proposed prosthesis control leads to gaits that are more robust than those obtained by the impedance control method. The initial hardware experiments with the prosthesis prototype show that the proposed control reproduces normal walking patterns qualitatively and effectively responds to disturbances in early and late swing. However, the response to mid-swing disturbances neither replicates human responses nor averts falls. Conclusions The neuromuscular model control is a promising alternative to existing prosthesis controls, although further research will need to improve on the initial implementation and determine how well these results transfer to amputee gait. Significance This work provides a potential avenue for future development of control policies that help improve amputee balance recovery. PMID:26315935

  15. [Six-minute walk test in children with neuromuscular disease.

    Science.gov (United States)

    Cruz-Anleu, Israel Didier; Baños-Mejía, Benjamín Omar; Galicia-Amor, Susana

    2013-01-01

    Background: neuromuscular diseases affect the motor unit. When they evolve, respiratory complications are common; the six-minute walk test plays an important role in the assessment of functional capacity. Methods: prospective, transversal, descriptive and observational study. We studied seven children with a variety of neuromuscular diseases and spontaneous ambulation. We tested their lung function, and administered a six-minute walk test and a test of respiratory muscle strength to these children. Results: the age was 9.8 ± 2.4 years. All patients were males. Forced vital capacity decreased in three patients (42.8 %), forced expiratory volume during the first second (2.04 ± 1.4 L) and peak expiratory flow (4.33 ± 3.3 L/s) were normal. The maximum strength of respiratory muscles was less than 60 % of predicted values. The distance covered in the six-minute walk test was lower when compared with healthy controls (29.9 %). Conclusions: the six-minute walk test can be a useful tool in early stages of this disease, since it is easy to perform and well tolerated by the patients.

  16. Effect of salbutamol on neuromuscular function in endurance athletes.

    Science.gov (United States)

    Decorte, Nicolas; Bachasson, Damien; Guinot, Michel; Flore, Patrice; Levy, Patrick; Verges, Samuel; Wuyam, Bernard

    2013-10-01

    The potential ergogenic effects of therapeutic inhaled salbutamol doses in endurance athletes have been controversially discussed for decades. We hypothesized that salbutamol inhalation may increase peripheral muscle contractility, reduce fatigability, and improve force recovery after a localized exercise in endurance athletes. Eleven healthy, nonasthmatic male athletes with high aerobic capacities were recruited to be compared in a double-blinded, randomized crossover study of two dose levels of salbutamol (200 and 800 μg) and a placebo administered by inhalation before a quadriceps fatigue test. Subjects performed an incremental exercise protocol consisting in sets of 10 intermittent isometric contractions starting at 20% of maximum voluntary contraction (MVC) with 10% MVC increment until exhaustion. Femoral nerve magnetic stimulation was used during and after MVC to evaluate neuromuscular fatigue after each set, at task failure, and after 10 and 30 min of recovery. Initial MVC and evoked muscular responses were not modified with salbutamol (P > 0.05). The total number of submaximal contractions until task failure significantly differed between treatments (placebo, 72 ± 7; 200 µg, 78 ± 8; and 800 µg, 82 ± 7; P 0.05). Voluntary activation was unaffected by the fatiguing task and treatments (P > 0.05). Supratherapeutic inhaled doses of β2-agonists increased quadriceps endurance during an incremental and localized fatiguing task in healthy endurance-trained athletes without significant effect on neuromuscular fatigue. Further studies are needed to clarify the underlying mechanisms.

  17. Estimating neuromuscular stimulation within the human torso with Taser stimulus.

    Science.gov (United States)

    Sun, Hongyu; Webster, John G

    2007-11-07

    Designers of electromuscular incapacitation devices need to know efficacy. Which areas of nerve and muscle are stimulated and are these areas adequate to cause incapacitation? This paper focuses on efficacy, which used a torso-sized finite element model with a mesh of about 5 mm. To estimate the neuromuscular regions stimulated by the Taser X26, calculations of electric current density and field strength values with 1 A inserted into the torso using the Utah 3D mesh were made. Field-times-duration values for given Taser stimulation were calculated. Then the region where the motor nerve was stimulated by the Taser was estimated by using a field-times-duration threshold from Reilly (1998 'Applied Bioelectricity: From Electrical Stimulation to Electropathology ' (New York: Springer)). Neuromuscular stimulation occurred up to about 19 cm away from the darts and included the spinal cord. The current density at the heart for dart separation less than 10 cm was smaller than for larger dart separation. Users of finite element computer models will find information for torso models and their creation, meshing and operation.

  18. Neuromuscular compensation mechanisms in vocal fold paralysis and paresis.

    Science.gov (United States)

    Dewan, Karuna; Vahabzadeh-Hagh, Andrew; Soofer, Donna; Chhetri, Dinesh K

    2017-07-01

    Vocal fold paresis and paralysis are common conditions. Treatment options include augmentation laryngoplasty and voice therapy. The optimal management for this condition is unclear. The objective of this study was to assess possible neuromuscular compensation mechanisms that could potentially be used in the treatment of vocal fold paresis and paralysis. In vivo canine model. In an in vivo canine model, we examined three conditions: 1) unilateral right recurrent laryngeal nerve (RLN) paresis and paralysis, 2) unilateral superior laryngeal nerve (SLN) paralysis, and 3) unilateral vagal nerve paresis and paralysis. Phonatory acoustics and aerodynamics were measured in each of these conditions. Effective compensation was defined as improved acoustic and aerodynamic profile. The most effective compensation for all conditions was increasing RLN activation and decreasing glottal gap. Increasing RLN activation increased the percentage of possible phonatory conditions that achieved phonation onset. SLN activation generally led to decreased number of total phonation onset conditions within each category. Differential effects of SLN (cricothyroid [CT] muscle) activation were seen. Ipsilateral SLN activation could compensate for RLN paralysis; normal CT compensated well in unilateral SLN paralysis; and in vagal paresis/paralysis, contralateral SLN and RLN displayed antagonistic relationships. Methods to improve glottal closure should be the primary treatment for large glottal gaps. Neuromuscular compensation is possible for paresis. This study provides insights into possible compensatory mechanisms in vocal fold paresis and paralysis. NA Laryngoscope, 127:1633-1638, 2017. © 2017 The American Laryngological, Rhinological and Otological Society, Inc.

  19. Emerging modalities in dysphagia rehabilitation: neuromuscular electrical stimulation.

    Science.gov (United States)

    Huckabee, Maggie-Lee; Doeltgen, Sebastian

    2007-10-12

    The aim of this review article is to advise the New Zealand medical community about the application of neuromuscular electrical stimulation (NMES) as a treatment for pharyngeal swallowing impairment (dysphagia). NMES in this field of rehabilitation medicine has quickly emerged as a widely used method overseas but has been accompanied by significant controversy. Basic information is provided about the physiologic background of electrical stimulation. The literature reviewed in this manuscript was derived through a computer-assisted search using the biomedical database Medline to identify all relevant articles published until from the initiation of the databases up to January 2007. The reviewers used the following search strategy: [(deglutition disorders OR dysphagia) AND (neuromuscular electrical stimulation OR NMES)]. In addition, the technique of reference tracing was used and very recently published studies known to the authors but not yet included in the database systems were included. This review elucidates not only the substantive potential benefit of this treatment, but also potential key concerns for patient safety and long term outcome. The discussion within the clinical and research communities, especially around the commercially available VitalStim stimulator, is objectively explained.

  20. Treinamento de clínicos para o diagnóstico e tratamento da depressão An educational training program for physicians for diagnosis and treatment of depression

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Willians Valentini

    2004-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar os resultados da aplicação de programa de treinamento da Organização Mundial de Saúde, voltado para diagnóstico e tratamento da depressão, dirigido a médicos clínicos gerais. MÉTODOS: Dezessete clínicos e 1.224 pacientes da cidade de Campinas, SP, participaram do estudo. Um mês antes e um após o treinamento, foram avaliados o conhecimento dos médicos, suas atitudes e o atendimento prestado aos pacientes; esses, por sua vez, completaram escalas de auto-avaliação de sintomas depressivos: Zung e um "checklist" para depressão maior do manual para diagnóstico e estatística em saúde mental (DSM-IV/CID-10. A mudança de conhecimento e atitude dos clínicos entre as fases 1 e 2 foi avaliada pelos testes t de Student. Mudanças com relação ao conhecimento de cada indivíduo foram mensuradas pelo teste de qui-quadrado de McNemar. As diferenças entre o modo de atender os pacientes entre as duas fases foram determinadas pelo teste de qui-quadrado de Pearson. A concordância diagnóstica foi analisada utilizando o Kappa, com o intuito de corrigir a concordância ao acaso. RESULTADOS: O programa mostrou benefícios limitados nessa amostra de clínicos gerais. Não foi capaz de mostrar aumento do conhecimento sobre a depressão e nem quanto à atitude dos médicos com relação a esse transtorno. Não houve modificação no número de casos diagnosticados antes ou após o programa. Existiram algumas evidências com relação à melhora no manejo psicofarmacológico. Aparentemente, o programa tornou os clínicos mais confiantes para o tratamento da depressão, diminuindo o número de encaminhamentos feitos aos profissionais da área de saúde mental. Porém, um baixo poder estatístico não permitiu que os dois últimos achados atingissem significância. CONCLUSÕES: A inclusão de clínicos gerais é um componente central de qualquer iniciativa para melhorar a detecção e o tratamento da depressão, porém faz

  1. Efeito do treinamento físico na pressão arterial de adolescentes com obesidade Efecto del entrenamiento físico en la presión arterial de adolescentes con obesidad Effect of physical training on the blood pressure of adolescents with obesity

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Breno Quintella Farah

    2012-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever, por meio de uma revisão sistemática, os efeitos do treinamento físico sobre a pressão arterial em adolescentes com obesidade. FONTES DE DADOS: Recorreu-se à revisão sistemática de ensaios clínicos randomizados que analisaram o efeito do treinamento físico sobre a pressão arterial de adolescentes obesos, publicados em periódicos indexados nas bases de dados PubMed/Medline, Lilacs, SciELO e ISI Web of KnowledgeSM. Foram incluídos os estudos que avaliaram adolescentes publicados até 2010, e que possuíam Grupo Controle. SÍNTESE DOS DADOS: Oito estudos atenderam aos critérios de inclusão. Dois deles utilizaram exercícios de força combinados com aeróbios, enquanto seis empregaram apenas os aeróbios. Cinco estudos utilizaram intervenções complementares, sendo a nutricional a mais frequente. Quatro estudos observaram redução da pressão arterial sistólica no Grupo Exercício comparado ao Controle. Nesses quatro estudos, além da redução da pressão arterial, notou-se diminuição da massa corpórea. Todos aqueles que verificaram redução da pressão arterial utilizaram 12 a 24 semanas de exercícios aeróbios, três a seis sessões semanais, com duração de 50 a 90 minutos e intensidade entre 55 e 75% da frequência cardíaca máxima. CONCLUSÕES: O efeito do treinamento físico na pressão arterial de adolescentes obesos é controverso. A redução da pressão arterial parece ocorrer com programas de treinamento aeróbios que promovam também a redução da massa corpórea.OBJETIVO: Describir, mediante una revisión sistemática, los efectos del entrenamiento físico sobre la presión arterial en adolescentes con obesidad. FUENTES DE DATOS: Se recurrió a la revisión sistemática de ensayos clínicos aleatorios que analizaron el efecto del entrenamiento físico sobre la presión arterial de adolescentes obesos, publicados en periódicos indexados en las bases de datos PubMed/MedLine, LILACS, SciELO e

  2. Relação da síndrome do excesso de treinamento com estresse, fadiga e serotonina Relación del síndrome de exceso de entrenamiento; estres, fatiga y serotonina Relationship of the overtraining syndrome with stress, fatigue, and serotonin

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Izabel Cristina Provenza de Miranda Rohlfs

    2005-12-01

    Full Text Available A grande exigência do esporte competitivo tem provocado sérias conseqüências em atletas envolvidos em treinamento de alto nível. Por sua vez, a mudança dos padrões estéticos tem levado indivíduos a buscarem, por meio do exercício físico, a redução da massa corporal, o aumento da massa muscular e do condicionamento aeróbio. É comum atletas e não atletas excederem os limites de suas capacidades físicas e psicológicas ocasionando o desenvolvimento da síndrome do excesso de treinamento (overtraining, a qual é definida como um distúrbio neuroendócrino (hipotálamo-hipofisário que resulta do desequilíbrio entre a demanda do exercício e a possibilidade de assimilação de treinamento, acarretando alterações metabólicas, com conseqüências que abrangem não apenas o desempenho, mas também outros aspectos fisiológicos e emocionais. Altos índices de estresse físico, sócio-cultural e psíquico são fatores que colaboram com o seu aparecimento, bem como alterações neuroendócrinas provocadas por aspectos nutricionais, que levam a flutuações serotoninérgicas. Alterações nos níveis de serotonina cerebral podem ser associadas ao aparecimento do estado de fadiga física, que pode se estabelecer de forma crônica, constituindo-se um dos sintomas do quadro. Deficiências ou desequilíbrios em neurotransmissores e neuromoduladores também podem ser causados por severo ou longo estresse. O objetivo do presente artigo de revisão é fazer uma análise dos fatores que contribuem de forma sinérgica para o aparecimento da síndrome do excesso de treinamento.Los requisitos de deporte competitivo han provocado consecuencias serias en atletas involucrados en el entrenamiento de nivel alto. Así, el cambio de normas estéticas tiene a los individuos presionados para buscar el ejercicio físico, la reducción de masa corpórea, el aumento de masa muscular y un acondicionamiento aerobico. Es común que los atletas y los no atletas

  3. Treinamento em natação atenua a disfução contrátil de cardiomiócitos de ratos diabéticos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia Ferreira da Silva

    2011-07-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: O diabete experimental promove disfunção contrátil em cardiomiócitos, mas os efeitos do treinamento em natação nesta disfunção não são conhecidos. OBJETIVO: Testar os efeitos de um programa de treino em natação (PTN sobre a disfunção contrátil de cardiomiócitos de ratos com diabete experimental. MÉTODOS: Ratos Wistar (idade: 30 dias; peso corporal médio: 84,19 g com diabete induzida por estreptozotocina (60 mg/kg de peso corporal; glicemia > 300 mg/dl foram alocados em diabéticos sedentários (DS, n = 10 e diabéticos exercitados (DE, n = 13. Animais da mesma idade e peso serviram de controles sedentários (CS, n = 10 e controles exercitados (CE, n = 06. Os animais DE e CE foram submetidos a um PTN (05 dias/semana, 90 min/dia, por 08 semanas. Os miócitos do ventrículo esquerdo (VE foram isolados e estimulados eletricamente a 3,0 Hz em temperatura ambiente (∼ 25º C. RESULTADOS: O diabete reduziu a função contrátil nos cardiomiócitos dos animais em relação aos controles (i.e., menor amplitude de contração, maior tempo de contração e relaxamento. O PTN atenuou a redução na amplitude de contração (CS, 11 ± 0,2% vs DE, 11,6 ± 0,2%, o tempo para o pico de contração (CS, 319 ± 5,8 ms vs DE, 333 ± 4,8 ms e o tempo para 50% de relaxamento (CS, 619 ± 22,2 ms vs DE, 698 ± 18,6 ms dos cardiomiócitos dos animais diabéticos. O diabete reduziu as dimensões dos cardiomiócitos, porém, o PTN minimizou a redução da largura e volume celular, sem alterar o comprimento. CONCLUSÃO: O programa de treino em natação atenuou a disfunção contrátil dos miócitos do VE de ratos com diabete experimental.

  4. Resultados de un programa de ejercicio físico combinado con electroestimulación neuromuscular en pacientes en hemodiálisis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anna Junque Jiménez

    Full Text Available Los pacientes en hemodiálisis presentan una importante disminución de la condición física y la capacidad funcional. Ampliamente son conocidos los numerosos beneficios del ejercicio físico en los pacientes con insuficiencia renal en éstos aspectos. Hasta la fecha, existe mínima experiencia con la electroestimulación neuromuscular en los pacientes en hemodiálisis. Objetivos: 1. Analizar el efecto de un programa de entrenamiento físico intradiálisis combinado con electroestimulación neuromuscular sobre la fuerza muscular y la capacidad funcional en nuestros pacientes en hemodiálisis. 2. Analizar la seguridad, eficacia y tolerancia de la electroestimulación neuromuscular en nuestros pacientes en hemodiálisis. Métodos: Los pacientes en hemodiálisis realizaron un programa completo de entrenamiento físico mediante balones medicinales, pesas, bandas elásticas y cicloergómetros combinado con electroestimulación neuromuscular en las primeras dos horas de hemodiálisis durante 12 semanas en un estudio prospectivo unicéntrico. La electroestimulación se realizó en ambos cuádriceps usando el Compex® Theta 500i. Principales datos analizados: 1. Fuerza extensión máxima cuádriceps (FEMQ y "handgrip" brazo dominante (HG. 2. Test funcionales:"Sit to stand to sit" (STS10 y "six-minutes walking test" (6MWT. 3. Escala Visual Analógica (EVA y cuestionario propio de electroestimulación neuromuscular (QE. Resultados: 11 pacientes incluidos (55% mujeres. Edad media 67.6 años y 62.3 meses en hemodiálisis. Se observó una mejoría significativa (*p<0.05 en la FEMQ*(13.7±8.1 vs 16.2±10.9kg, HG*(23.8±15.9 vs 25.1±15.9kg, STS10*(24.6±13.4 vs 20.1±10.1 seg y 6MWT*(21%,332.6 vs 402.7 m. No observamos dolor muscular, rampas, hormigueos o calambres musculares relevantes en el cuestionario propio de electroestimulación. El grado medio de satisfacción (EVA fue 9.4 puntos. Conclusiones: 1. El programa de entrenamiento físico intradi

  5. The Preparation Period in Basketball: Training Load and Neuromuscular Adaptations.

    Science.gov (United States)

    Ferioli, Davide; Bosio, Andrea; Bilsborough, Johann C; Torre, Antonio La; Tornaghi, Michele; Rampinini, Ermanno

    2018-01-18

    To investigate the 1) effect of the preparation period on the neuromuscular characteristics of 12 professional (PRO) and 16 semi-professional (SEMI-PRO) basketball players; 2) relationships between training load indices and changes in neuromuscular physical performance. Prior to and following the preparation period, players underwent a counter-movement jump (CMJ) test, followed by a repeated change of direction (COD) test consisting of 4 levels with increasing intensities. The peripheral neuromuscular functions of the knee extensors (peak torque, PT) were measured using electrical stimulations after each level (PT1, PT2, PT3 and PT4). Furthermore, PT Max (the highest value of PT) and PT Dec (PT decrement from PT Max to PT4) were calculated. Trivial-to-small (effect size, ES: -0.17 to 0.46) improvements were found in CMJ variables, regardless of the competitive levels. After the preparation period, peripheral fatigue induced by a COD test was similarly reduced in both PRO (PT Dec: from 27.8±21.3% to 11.4±13.7%, ES±90%CI= -0.71±0.30) and SEMI-PRO (PT Dec: from 26.1±21.9% to 10.2±8.2%, ES±90%CI= -0.69±0.32). Moderate-to-large relationships were found between session rating of perceived exertion training load and changes in PPO measured during the CMJs (r s ±90%CI: PPOabs, -0.46±0.26; PPOrel, -0.53±0.23) and in some PTs measured during the COD test (PT1, -0.45±0.26; PT2, -0.44±0.26; PT3, -0.40±0.27 and PT Max, -0.38±0.28). Preparation period induced minimal changes in the CMJ, while the ability to sustain repeated COD efforts was improved. Reaching high session rating of perceived exertion training loads might partially and negatively affect the ability to produce strength and power.

  6. Inferencias sobre Grafos

    OpenAIRE

    Sira M. Allende; Carlos N. Bouza

    2002-01-01

    El estudio de un juego puede ser modelado asumiendo que solo algunas partidas son observadas. Entonces el árbol del juego debe ser estimado utilizando información muestral. Similarmente ocurre al obtener información sobre el comportamiento de las decisiones tomadas por individuos muestreados sobre un árbol de decisión teórico. Al considerar una medida de probabilidad que caracterice el comportamiento de redes aleatorias se puede obtener un estimado del árbol asociado. Este problema es el anal...

  7. Sobre software libre

    OpenAIRE

    Matellán Olivera, Vicente; González Barahona, Jesús; Heras Quirós, Pedro de las; Robles Martínez, Gregorio

    2004-01-01

    220 p. "Sobre software libre" reune casi una treintena de ensayos sobre temas de candente actualidad relacionados con el software libre (del cual Linux es su ex- ponente más conocido). Los ensayos que el lector encontrará están divididos en bloques temáticos que van desde la propiedad intelectual o las cuestiones económicas y sociales de este modelo hasta su uso en la educación y las administraciones publicas, pasando por alguno que repasa la historia del software libre en l...

  8. Influência da freqüência de estímulos na instalação do bloqueio neuromuscular produzido pelo rocurônio e pancurônio: avaliação pelo método acelerográfico Influencia de la frecuencia de estímulos en la instalación del bloqueo neuromuscular producido por el rocuronio y pancuronio: evaluación por el método acelerográfico Influence of stimulation frequency on rocuronium and pancuronium-induced neuromuscular block onset: acceleromyography evaluation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Derli da Conceição Munhóz

    2004-02-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Fatores relacionados ao paciente e ao bloqueador neuromuscular (BNM, assim como outros inerentes à monitorização da função neuromuscular podem influenciar na instalação do bloqueio neuromuscular. O objetivo deste estudo foi avaliar a influência de duas diferentes freqüências de estímulos sobre o tempo de instalação do bloqueio produzido pelo pancurônio e pelo rocurônio. MÉTODO: Foram incluídos no estudo 120 pacientes, estado físico ASA I e II, submetidos a cirurgias eletivas sob anestesia geral, distribuídos aleatoriamente em dois grupos, de acordo com a freqüência de estímulo empregada, para a monitorização do bloqueio neuromuscular: Grupo I - 0,1 Hz (n = 60 e Grupo II - 1 Hz (n = 60. Em cada grupo formaram-se dois subgrupos (n = 30 de acordo com o bloqueador neuromuscular empregado: Subgrupo P (pancurônio e Subgrupo R (rocurônio. A medicação pré-anestésica consistiu de midazolam (0,1 mg.kg-1 por via muscular, 30 minutos antes da cirurgia. A indução anestésica foi obtida com propofol (2,5 mg.kg-1 precedido de alfentanil (50 µg.kg-1 e seguido de pancurônio ou rocurônio. Os pacientes foram ventilados sob máscara com oxigênio a 100% até a obtenção de redução de 75% ou mais na amplitude da resposta do músculo adutor do polegar, quando foram realizadas as manobras de laringoscopia e intubação traqueal. A função neuromuscular foi monitorizada com aceleromiografia. Foram avaliados: tempo de início de ação do pancurônio e do rocurônio; tempo para instalação do bloqueio total e condições de intubação traqueal. RESULTADOS: Os tempos médios (segundos para o início de ação e instalação de bloqueio neuromuscular total produzido pelo pancurônio foram: Grupo I (159,33 ± 35,22 e 222 ± 46,56 e Grupo II (77,83 ± 9,52 e 105,96 ± 15,58; para o rocurônio: Grupo I (83 ± 17,25 e 125,33 ± 20,12 e Grupo II (48,96 ± 10,16 e 59,83 ± 10,36 com diferença significativa

  9. Neuromuscular blockade for improvement of surgical conditions during laparotomy

    DEFF Research Database (Denmark)

    Madsen, Matias Vested; Scheppan, Susanne; Kissmeyer, Peter

    2015-01-01

    INTRODUCTION: During laparotomy, surgeons frequently experience difficult surgical conditions if the patient's abdominal wall or diaphragm is tense. This issue is particularly pertinent while closing the fascia and placing the intestines into the abdominal cavity. Establishment of a deep neuromus......INTRODUCTION: During laparotomy, surgeons frequently experience difficult surgical conditions if the patient's abdominal wall or diaphragm is tense. This issue is particularly pertinent while closing the fascia and placing the intestines into the abdominal cavity. Establishment of a deep...... neuromuscular blockade (NMB), defined as a post-tetanic-count (PTC) of 0-1, paralyses the abdominal wall muscles and the diaphragm. We hypothesised that deep NMB (PTC 0-1) would improve surgical conditions during upper laparotomy as compared to standard NMB with bolus administration. METHODS...

  10. Diverticular Disease of the Colon: Neuromuscular Function Abnormalities.

    Science.gov (United States)

    Bassotti, Gabrio; Villanacci, Vincenzo; Bernardini, Nunzia; Dore, Maria P

    2016-10-01

    Colonic diverticular disease is a frequent finding in daily clinical practice. However, its pathophysiological mechanisms are largely unknown. This condition is likely the result of several concomitant factors occurring together to cause anatomic and functional abnormalities, leading as a result to the outpouching of the colonic mucosa. A pivotal role seems to be played by an abnormal colonic neuromuscular function, as shown repeatedly in these patients, and by an altered visceral perception. There is recent evidence that these abnormalities might be related to the derangement of the enteric innervation, to an abnormal distribution of mucosal neuropeptides, and to low-grade mucosal inflammation. The latter might be responsible for the development of visceral hypersensitivity, often causing abdominal pain in a subset of these patients.

  11. Treinamento dos músculos do assoalho pélvico nas disfunções sexuais femininas Pelvic floor muscle training in female sexual dysfunctions

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Virginia Pianessole Piassarolli

    2010-05-01

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar o efeito do treinamento dos músculos do assoalho pélvico (TMAP sobre as disfunções sexuais femininas. MÉTODOS: para esse ensaio clínico com abordagem antes e depois, foram incluídas 26 mulheres que apresentavam diagnóstico de disfunção sexual (transtorno de desejo sexual, de excitação, orgástico e/ou dispareunia. As participantes foram avaliadas antes, na metade (após cinco sessões e ao final do tratamento (após dez sessões, por meio da palpação vaginal bidigital (avaliação da força dos músculos do assoalho pélvico-MAP, eletromiografia (EMG intravaginal (captação das amplitudes de contração dos MAP e Female Sexual Function Index (FSFI, questionário de avaliação da função sexual. As mulheres foram submetidas ao TMAP em diferentes posições, por dez sessões (uma ou duas vezes na semana. Para análise estatística, utilizou-se frequências absolutas e relativas para características clínicas e força dos MAP. Empregou-se teste de Friedman para comparação dos escores dos domínios do FSFI e valores da EMG, t de Student para associação entre esses valores e características das mulheres e Wilcoxon para modificação percentual da EMG. O teste Mann-Whitney permitiu comparar esses valores com características clínicas. Para correlacionar os valores da EMG com escore total médio, utilizou-se teste de correlação de Spearman. Adotou-se nível de significância de pPURPOSE: to evaluate the effect of pelvic floor muscle training (PFMT on female sexual dysfunctions. METHODS: twenty-six women with a diagnosis of sexual dysfunction (sexual desire, arousal, orgasmic disorders and/or dyspareunia were included in a clinical trial with a before/after approach . The assessment was carried out before, during (after five sessions and at the end of the treatment (after ten sessions by two-digit palpation (assessment of pelvic floor muscle, PFM, strength, intravaginal electromyography (EMG (capture of PFM

  12. Improving Neuromuscular Monitoring and Reducing Residual Neuromuscular Blockade With E-Learning: Protocol for the Multicenter Interrupted Time Series INVERT Study.

    Science.gov (United States)

    Thomsen, Jakob Louis Demant; Mathiesen, Ole; Hägi-Pedersen, Daniel; Skovgaard, Lene Theil; Østergaard, Doris; Engbaek, Jens; Gätke, Mona Ring

    2017-10-06

    Muscle relaxants facilitate endotracheal intubation under general anesthesia and improve surgical conditions. Residual neuromuscular blockade occurs when the patient is still partially paralyzed when awakened after surgery. The condition is associated with subjective discomfort and an increased risk of respiratory complications. Use of an objective neuromuscular monitoring device may prevent residual block. Despite this, many anesthetists refrain from using the device. Efforts to increase the use of objective monitoring are time consuming and require the presence of expert personnel. A neuromuscular monitoring e-learning module might support consistent use of neuromuscular monitoring devices. The aim of the study is to assess the effect of a neuromuscular monitoring e-learning module on anesthesia staff's use of objective neuromuscular monitoring and the incidence of residual neuromuscular blockade in surgical patients at 6 Danish teaching hospitals. In this interrupted time series study, we are collecting data repeatedly, in consecutive 3-week periods, before and after the intervention, and we will analyze the effect using segmented regression analysis. Anesthesia departments in the Zealand Region of Denmark are included, and data from all patients receiving a muscle relaxant are collected from the anesthesia information management system MetaVision. We will assess the effect of the module on all levels of potential effect: staff's knowledge and skills, patient care practice, and patient outcomes. The primary outcome is use of neuromuscular monitoring in patients according to the type of muscle relaxant received. Secondary outcomes include last recorded train-of-four value, administration of reversal agents, and time to discharge from the postanesthesia care unit as well as a multiple-choice test to assess knowledge. The e-learning module was developed based on a needs assessment process, including focus group interviews, surveys, and expert opinions. The e

  13. Neuromuscular training in construction workers: a longitudinal controlled pilot study.

    Science.gov (United States)

    Faude, Oliver; Donath, Lars; Bopp, Micha; Hofmann, Sara; Erlacher, Daniel; Zahner, Lukas

    2015-08-01

    Many accidents at construction sites are due to falls. An exercise-based workplace intervention may improve intrinsic fall risk factors. In this pilot study, we aimed at evaluating the effects of neuromuscular exercise on static and functional balance performance as well as on lower limb explosive power in construction workers. Healthy middle-aged construction workers were non-randomly assigned to an intervention [N = 20, age = 40.3 (SD 8.3) years] or a control group [N = 20, age = 41.8 (9.9) years]. The intervention group performed static and dynamic balance and strength exercises (13 weeks, 15 min each day). Before and after the intervention and after an 8-week follow-up, unilateral postural sway, backward balancing (on 3- and 4.5-cm-wide beams) as well as vertical jump height were assessed. We observed a group × time interaction for postural sway (p = 0.002) with a reduction in the intervention group and no relevant change in the control group. Similarly, the number of successful steps while walking backwards on the 3-cm beam increased only in the intervention group (p = 0.047). These effects were likely to most likely practically beneficial from pretest to posttest and to follow-up test for postural sway (+12%, standardized mean difference (SMD) = 0.65 and 17%, SMD = 0.92) and backward balancing on the 3-cm beam (+58%, SMD = 0.59 and 37%, SMD = 0.40). Fifteen minutes of neuromuscular training each day can improve balance performance in construction workers and, thus, may contribute to a decreased fall risk.

  14. EFFECT OF NEUROMUSCULAR TRAINING ON BALANCE AMONG UNIVERSITY ATHLETES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mohansundar Sankaravel

    2016-06-01

    Full Text Available Background: Proprioceptive deficiency followed by lateral ankle sprain leads to poor balance is not uncommon. It has been linked with increased injury risk among young athletes. Introducing neuromuscular training programs for this have been believed as one of the means of injury prevention. Hence, this study was aimed to determine the effects of six weeks progressive neuromuscular training (PNM Training on static balance gains among the young athletes with a previous history of ankle sprains. Methods: This study was an experimental study design, with pre and post test method to determine the effects of PNM Training on static balance gains. All data were collected at university’s sports rehabilitation lab before and after six weeks of intervention period. There were 20 male and female volunteer young athletes (20.9 ± 0.85 years of age with a previous history of ankle sprain involving various sports were recruited from the University community. All the subjects were participated in a six week PNM Training that included stability, strength and power training. Outcome measures were collected by calculating the errors on balance error scoring system made by the athletes on static balance before and after the six weeks of intervention period. Static balance was tested in firm and foam surfaces and recorded accordingly. Results: The researchers found a significant decrease (2.40 ± 0.82 in total errors among the samples at the post test compared with their pre test (P >0.05. Conclusions: The study demonstrates that a PNM Training can improve the static balance on both the firm and foam surfaces among the young athletes with a previous history of ankle sprains.

  15. Neuromuscular Strain Increases Symptom Intensity in Chronic Fatigue Syndrome.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Peter C Rowe

    Full Text Available Chronic fatigue syndrome (CFS is a complex, multisystem disorder that can be disabling. CFS symptoms can be provoked by increased physical or cognitive activity, and by orthostatic stress. In preliminary work, we noted that CFS symptoms also could be provoked by application of longitudinal neural and soft tissue strain to the limbs and spine of affected individuals. In this study we measured the responses to a straight leg raise neuromuscular strain maneuver in individuals with CFS and healthy controls. We randomly assigned 60 individuals with CFS and 20 healthy controls to either a 15 minute period of passive supine straight leg raise (true neuromuscular strain or a sham straight leg raise. The primary outcome measure was the symptom intensity difference between the scores during and 24 hours after the study maneuver compared to baseline. Fatigue, body pain, lightheadedness, concentration difficulties, and headache scores were measured individually on a 0-10 scale, and summed to create a composite symptom score. Compared to individuals with CFS in the sham strain group, those with CFS in the true strain group reported significantly increased body pain (P = 0.04 and concentration difficulties (P = 0.02 as well as increased composite symptom scores (all P = 0.03 during the maneuver. After 24 hours, the symptom intensity differences were significantly greater for the CFS true strain group for the individual symptom of lightheadedness (P = 0.001 and for the composite symptom score (P = 0.005. During and 24 hours after the exposure to the true strain maneuver, those with CFS had significantly higher individual and composite symptom intensity changes compared to the healthy controls. We conclude that a longitudinal strain applied to the nerves and soft tissues of the lower limb is capable of increasing symptom intensity in individuals with CFS for up to 24 hours. These findings support our preliminary observations that increased mechanical

  16. Efeitos da suplementação de b-hidroxi-b-metilbutirato sobre a força e a hipertrofia Effects of b-hydroxy-b-methylbutyrate supplementation on strength and hypertrophy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thiago da Silveira Alvares

    2008-02-01

    Full Text Available O b-hidroxi-b-metilbutirato é um metabólito da leucina estudado devido aos seus efeitos anticatabólicos e possíveis implicações sobre os ganhos de força e massa muscular associados ao treinamento contra-resistência (conhecido como musculação. O objetivo deste trabalho foi revisar a literatura referente à suplementação de b-hidroxi-b-metilbutirato e os seus efeitos sobre força e hipertrofia em adultos jovens e idosos iniciantes ou treinados em treinamento contra-resistência. Estudos em indivíduos iniciando um programa de treinamento contra-resistência sugerem que a suplementação diária de 1,5 a 3,0g de b-hidroxi-b-metilbutirato pode trazer benefício ergogênico durante as primeiras quatro ou cinco semanas. Entretanto, à medida que o programa de treinamento evolui, tais efeitos não permanecem e os ganhos de força e massa muscular são proporcionados apenas pelo treinamento contra-resistência. Em indivíduos treinados, os resultados parecem não ser os mesmos, uma vez que, desde o início da suplementação, o b-hidroxi-b-metilbutirato não demonstra qualquer benefício adicional aos induzidos pelo treinamento contra-resistência. Alguns efeitos do b-hidroxi-b-metilbutirato na redução do colesterol total e lipoproteína de baixa densidade também foram observados, porém, devido às poucas evidências, não há recomendações para tal finalidade. Nenhum efeito adverso da suplementação foi observado, sendo, aparentemente, segura, contudo a maioria dos estudos foi realizada em curto prazo (menos de 4 semanas e em indivíduos destreinados. Assim, mais estudos são necessários para esclarecer o mecanismo fisiológico por meio do qual o b-hidroxi-b-metilbutirato exerce seus efeitos anticatabólicos em destreinados e para observar possíveis efeitos adversos.b-hydroxy-b-methylbutyrate is a leucine metabolite studied for its anticatabolic effects and potential benefits on strength and muscle mass gains associated with

  17. Dutch pediatricians' views on the use of neuromuscular blockers for dying neonates: a qualitative study

    NARCIS (Netherlands)

    ten Cate, K.; van de Vathorst, S.

    2015-01-01

    To assess Dutch pediatricians' views on neuromuscular blockers for dying neonates. Qualitative study involving in-depth interviews with 10 Dutch pediatricians working with severely ill neonates. Data were analyzed using appropriate qualitative research techniques. Participants explained their view

  18. Impaired voluntary neuromuscular activation limits muscle power in mobility-limited older adults

    Science.gov (United States)

    Background. Age-related alterations of neuromuscular activation may contribute to deficits in muscle power and mobility function. This study assesses whether impaired activation of the agonist quadriceps and antagonist hamstrings, including amplitude- and velocity-dependent characteristics of activa...

  19. Effects of neuromuscular joint facilitation on bridging exercises with respect to deep muscle changes.

    Science.gov (United States)

    Zhou, Bin; Huang, QiuChen; Zheng, Tao; Huo, Ming; Maruyama, Hitoshi

    2015-05-01

    [Purpose] This study examined the effects of neuromuscular joint facilitation on bridging exercises by assessing the cross-sectional area of the multifidus muscle and thickness of the musculus transversus abdominis. [Subjects] Twelve healthy men. [Methods] Four exercises were evaluated: (a) supine resting, (b) bridging resistance exercise involving posterior pelvic tilting, (c) bridging resistance exercise involving anterior pelvic tilting, and (d) bridging resistance exercise involving neuromuscular joint facilitation. The cross-sectional area of the multifidus muscle and thickness of the musculus transversus abdominis were measured during each exercise. [Results] The cross-sectional area of the multifidus muscle and thickness of the musculus transversus abdominis were significantly greater in the neuromuscular joint facilitation group than the others. [Conclusion] Neuromuscular joint facilitation intervention improves the function of deep muscles such as the multifidus muscle and musculus transversus abdominis. Therefore, it can be recommended for application in clinical treatments such as that for back pain.

  20. Efficacy and safety of sugammadex versus neostigmine in reversing neuromuscular blockade in adults

    DEFF Research Database (Denmark)

    Hristovska, Ana-Marija; Duch, Patricia; Allingstrup, Mikkel

    2017-01-01

    , and undesirable autonomic responses. Sugammadex is a selective relaxant-binding agent specifically developed for rapid reversal of non-depolarizing neuromuscular blockade induced by rocuronium. Its potential clinical benefits include fast and predictable reversal of any degree of block, increased patient safety......, reduced incidence of residual block on recovery, and more efficient use of healthcare resources. OBJECTIVES: The main objective of this review was to compare the efficacy and safety of sugammadex versus neostigmine in reversing neuromuscular blockade caused by non-depolarizing neuromuscular agents......-depolarizing neuromuscular blocking agents for an elective in-patient or day-case surgical procedure. We included all trials comparing sugammadex versus neostigmine that reported recovery times or adverse events. We included any dose of sugammadex and neostigmine and any time point of study drug administration. DATA...

  1. Novel vibration-exercise instrument with dedicated adaptive filtering for electromyographic investigation of neuromuscular activation

    NARCIS (Netherlands)

    Xu, L.; Rabotti, C.; Mischi, M.

    2012-01-01

    Vibration exercise (VE) has been suggested as an effective methodology to improve muscle strength and power performance. Several studies link the effects of vibration training to enhanced neuromuscular demand, typically ascribed to involuntary reflex mechanisms. However, the underlying mechanisms

  2. A Dutch guideline for the treatment of scoliosis in neuromuscular disorders

    NARCIS (Netherlands)

    Mullender, M.G.; Blom, N.; de Kleuver, M.; Fock, J.; Hitters, W.; Horemans, A.; Kalkman, C.; Pruijs, J.; Timmer, R.; Titarsolej, P.; van Haasteren, N.; Jager, M.V.; van Vught, A.; van Royen, B.J.

    2008-01-01

    Background: Children with neuromuscular disorders with a progressive muscle weakness such as Duchenne Muscular Dystrophy and Spinal Muscular Atrophy frequently develop a progressive scoliosis. A severe scoliosis compromises respiratory function and makes sitting more difficult. Spinal surgery is

  3. Treinamento aeróbico prévio à compressão nervosa: análise da morfometria muscular de ratos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elisangela Lourdes Artifon

    2013-02-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Ciatalgia origina-se da compressão do nervo isquiático e implica em dor, parestesia, diminuição da força muscular e hipotrofia. O exercício físico é reconhecido na prevenção e reabilitação de lesões, porém quando em sobrecargas pode aumentar o risco de lesões e consequente déficit funcional. OBJETIVO: Avaliar efeitos de treinamento aeróbico prévio a modelo experimental de ciatalgia em relação a parâmetros morfométricos dos músculos sóleos de ratos. MATERIAIS E MÉTODOS: 18 ratos divididos em três grupos: simulacro (mergulho, 30 segundos; exercício regular (natação, dez minutos diários; e treinamento aeróbico progressivo (natação em tempos progressivos de dez a 60 minutos diários. Ao final de seis semanas de exercício, os ratos foram submetidos ao modelo experimental da ciatalgia. No terceiro dia após a lesão, foram eutanasiados e tiveram seus músculos sóleos dissecados, pesados e preparados para análise histológica. Variáveis analisadas: peso muscular, área de secção transversa e diâmetro médio das fibras musculares. RESULTADOS: Observou-se diferença estatisticamente significativa para todos os grupos quando se comparou músculo controle e aquele submetido à lesão isquiática. A análise intergrupos não apresentou diferença estatisticamente significativa para nenhuma das variáveis analisadas. CONCLUSÃO: Tanto o exercício físico regular quanto o treinamento aeróbico não produziram efeitos preventivos ou agravantes às consequências musculares da inatividade funcional após ciatalgia.

  4. Comparação de resposta da pressão intraocular frente a duas diferentes intensidades e volumes do treinamento resistido

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Conte

    2014-01-01

    Full Text Available Objetivo: Verificar a influência de duas diferentes intensidades e volumes de treinamento resistido na pressão intraocular. Método: Dezenove boxeadores (13 homens e 6 mulheres; idade média de 22 ± 3 anos foram randomicamente submetidos a duas diferentes sessões de exercícios resistidos: resistência muscular com 3 séries de 15 repetições máximas e hipertrofia muscular com 4 séries de 8RM. A pressão intraocular foi obtida com Tonometro de Perkins antes, durante e após as sessões de exercício resistido. Os dados foram expressos em média e desvio padrão. Foi realizada análise de variância (ANOVA com medidas repetidas e pós teste de Tukey. Resultados: Foi observada redução da pressão intraocular durante as sessões de treinamento resistido. Contudo, a sessão de exercício para resistência muscular promoveu uma redução significativa da pressão intraocular comparada a de hipertrofia muscular. Ao final da sessão de resistência muscular a pressão intraocular retornou aos valores prévios ao exercício, por outro lado na sessão de hipertrofia muscular a pressão intraocular após o término dos exercícios apresentou-se acima dos valores iniciais. Conclusão: O treinamento resistido pode influenciar os valores da pressão intraocular, especificamente 3 séries de 15 repetições com 60% de 1RM promoveu respostas hipotensivas mais expressivas na pressão intraocular do que 3 séries de 8 repetições com 80% de 1RM. Esses achados podem contribuir para prescrição de exercício resistido para pessoas com fatores de risco para o glaucoma.

  5. Fatores-chave de sucesso no treinamento corporativo a distância via web Key factors for the success of web-based corporate training

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Antonio Joia

    2007-08-01

    Full Text Available Treinamentos corporativos a distância via web vêm se tornando cada vez mais freqüentes, à medida que as empresas precisam continuamente capacitar seus profissionais a um custo acessível. No entanto, de um modo geral, as organizações não sabem quais são os fatores-chave de sucesso para iniciativas dessa natureza. Assim, este artigo investiga alguns fatores críticos de sucesso associados a esses empreendimentos digitais. Para tal, o método de estudo de casos múltiplos divergentes é utilizado, analisando-se dois treinamentos corporativos na web realizados por uma grande empresa multinacional - um considerado caso de sucesso e outro de fracasso. A partir da comparação dos resultados obtidos, pela análise quantitativa dos dados coletados usando-se regressões bi e multivariadas, assim como testes de comparação de médias, e vis-à-vis o frame teórico adotado para avaliação de treinamentos na web, pode-se concluir que "orientação dos objetivos", "motivação dos alunos" e "suporte metacognitivo" foram os três fatores críticos de sucesso encontrados.Web-based corporate training has become more frequent as companies continuously need to train their employees under budgetary constraints. However, most companies do not know which are the key factors for these endeavors' success. This article investigates some critical success factors associated with these digital enterprises, using the multiple case study method is used, whereby two cases with opposite outcomes - a success and a failure - are analyzed. Comparing these two cases developed within a large multinational company by using quantitative data analysis based on bi and multivariate linear regressions, as well as comparison of averages, and vis-à-vis the theoretical framework adopted to assess web-based trainings, the study concludes that "goal orientation", "student motivation", and "metacognitive support" are three critical factors in corporate web-based training.

  6. Aplicación del Vendaje Neuromuscular en Logopedia

    OpenAIRE

    Arrate Meléndrez, Antonio José

    2016-01-01

    Este método de vendaje consiste en la colocación de un esparadrapo o cinta elástica adhesiva en la zona sobre la que se quiere actuar, favoreciendo así la función muscular y circulatoria, tanto sanguínea, como linfática ofreciendo una estimulación propioceptiva y actuando como analgésico además de actuar sobre la fascia externa con las consecuencia s beneficiosas que esto conlleva . Existen distintas técnicas de aplicación dependiendo de la zona y los efectos qu...

  7. Premature awakening and underuse of neuromuscular monitoring in a registry of patients with butyrylcholinesterase deficiency

    DEFF Research Database (Denmark)

    Thomsen, J L; Nielsen, C V; Palmqvist, D F

    2015-01-01

    , neuromuscular monitoring, and postoperative respiratory complications, defined as arterial oxygen desaturation prematurely awakened if anaesthesia had been terminated while the patient was still...... paralysed. RESULTS: We included 123 patients. Neuromuscular monitoring was applied before awakening in 48 (39%) patients. A nerve stimulator was never used or only after attempted awakening in the remaining 75 (61%) patients. Premature awakening occurred in 75 (100%) and 14 (29%) of the unmonitored...

  8. Risk of Unsuccessful Noninvasive Ventilation for Acute Respiratory Failure in Heterogeneous Neuromuscular Diseases: A Retrospective Study

    OpenAIRE

    Kataoka, Hiroshi; Nanaura, Hitoki; Kinugawa, Kaoru; Uchihara, Yuto; Ohara, Hiroya; Eura, Nobuyuki; Syobatake, Ryogo; Sawa, Nobuhiro; Takao, Kiriyama; Sugie, Kazuma; Ueno, Satoshi

    2017-01-01

    If invasive ventilation can be avoided by performing noninvasive mechanical ventilation (NIV) in patients with acute respiratory failure (ARF), the disease can be effectively managed. It is important to clarify the characteristics of patients with neuromuscular diseases in whom initial NIV is likely to be unsuccessful. We studied 27 patients in stable neuromuscular condition who initially received NIV to manage fatal ARF to identify differences in factors immediately before the onset of ARF a...

  9. Efeito anti-inflamatório do treinamento físico na insuficiência cardíaca: papel do TNF-α e da IL-10 Efecto antiinflamatorio del entrenamiento físico en la insuficiencia cardiaca: rol del TNF-α y de la IL-10 Anti-inflammatory effect of physical training in heart failure: role of TNF-α and IL-10

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Miguel Luiz Batista Júnior

    2009-12-01

    Full Text Available Nos últimos 50 anos, a compreensão sobre as alterações deteriorativas envolvidas na progressão da insuficiência cardíaca (IC, descritas inicialmente como decorrentes de alterações na retenção de sais e fluidos, ou alterações nos parâmetros hemodinâmicos, mudou significatiamente. Recentemente, diversos estudos em pacientes com IC demonstraram níveis plasmáticos (ou no soro alterados de citocinas pro-inflamatórias, tais como o fator α de necrose tumoral (TNF-α, as interleucinas 1, 6 e 18, e a cardiotropina-1, dentre outros marcadores inflamatórios. Essas alterações monstraram-se independentes da etiologia da IC, sugerindo uma via patogênica comum. Em reposta a esses novos achados, intervenções no sentido de evitar e/ou reduzir essas alterações inflamatória tem sido propostas. Os benefícios cardiovasculares, induzidos treinamento aeróbio realizados em intensidades variando de leve a moderada, têm sido previamente relatados. Além disso, tem-se demonstrado que o treinamento físico (aeróbio moderado parece capaz de modular, na vigência de um quadro inflamatório crônico anormal, a expressão elevada de citocinas pró-inflamatórias, moléculas de adesão solúveis, fatores quimioatratantes e estresse oxidativo. Tomados em conjunto, esses dados indicam um possível efeito anti-inflamatório induzido pelo treinamento físico. Dessa forma, esta revisão tem por objetivo abordar o treinamento físico como uma alternativa não farmacológica adjuvante a ser administrada em alguns quadros patológicos em que predominam as alterações crônicas do TNF-α, como na IC. Por sua vez, o "efeito anti-inflamatório" induzido pelo treinamento físico parece ser mediado principalmente pela IL-10.En los últimos 50 años, la comprensión sobre las alteraciones deteriorativas involucradas en la progresión de la insuficiencia cardiaca (IC, descriptas inicialmente como causadas por alteraciones en la retención de sales y fluidos, o

  10. Effects of neuromuscular training on knee joint stability after anterior cruciate ligament reconstruction.

    Science.gov (United States)

    Shim, Jae-Kwang; Choi, Ho-Suk; Shin, Jun-Ho

    2015-12-01

    [Purpose] This study examined the effects of neuromuscular training on knee joint stability after anterior cruciate ligament reconstruction. [Subjects and Methods] The subjects were 16 adults who underwent arthroscopic anterior cruciate reconstruction and neuromuscular training. The Lysholm scale was used to assess functional disorders on the affected knee joint. A KT-2000 arthrometer was used to measure anterior displacement of the tibia against the femur. Surface electromyography was used to detect the muscle activation of the vastus medialis oblique, vastus lateralis, biceps femoris, and semitendinosus before and after neuromuscular training. [Results] There was significant relaxation in tibial anterior displacement of the affected and sound sides in the supine position before neuromuscular training. Furthermore, the difference in the tibial anterior displacement of the affected knee joints in the standing position was reduced after neuromuscular training. Moreover, the variation of the muscle activation evoked higher muscle activation of the vastus medialis oblique, vastus lateralis, biceps femoris, and semitendinosus. [Conclusion] Neuromuscular training may improve functional joint stability in patients with orthopedic musculoskeletal injuries in the postoperative period.

  11. Profile of sugammadex for reversal of neuromuscular blockade in the elderly: current perspectives.

    Science.gov (United States)

    Carron, Michele; Bertoncello, Francesco; Ieppariello, Giovanna

    2018-01-01

    The number of elderly patients is increasing worldwide. This will have a significant impact on the practice of anesthesia in future decades. Anesthesiologists must provide care for an increasing number of elderly patients, who have an elevated risk of perioperative morbidity and mortality. Complications related to postoperative residual neuromuscular blockade, such as muscle weakness, airway obstruction, hypoxemia, atelectasis, pneumonia, and acute respiratory failure, are more frequent in older than in younger patients. Therefore, neuromuscular blockade in the elderly should be carefully monitored and completely reversed before awakening patients at the end of anesthesia. Acetylcholinesterase inhibitors are traditionally used for reversal of neuromuscular blockade. Although the risk of residual neuromuscular blockade is reduced by reversal with neostigmine, it continues to complicate the postoperative course. Sugammadex represents an innovative approach to reversal of neuromuscular blockade induced by aminosteroid neuromuscular-blocking agents, particularly rocuronium, with useful applications in clinical practice. However, aging is associated with certain changes in the pharmacokinetics of sugammadex, and to date there has been no thorough evaluation of the use of sugammadex in elderly patients. The aim of this review was to perform an analysis of the use of sugammadex in older adults based on the current literature. Major issues surrounding the physiologic and pharmacologic effects of aging in elderly patients and how these may impact the routine use of sugammadex in elderly patients are discussed.

  12. Sugammadex given for rocuronium-induced neuromuscular blockade in infants: a retrospectıve study.

    Science.gov (United States)

    Ozmete, Ozlem; Bali, Cagla; Cok, Oya Yalcin; Turk, Hatice Evren Eker; Ozyilkan, Nesrın Bozdogan; Civi, Soner; Aribogan, Anıs

    2016-12-01

    To evaluate the efficacy and safety of sugammadex in reversing profound neuromuscular block induced by rocuronium in infant patients. Retrospective observational study. University teaching hospital. Twenty-six infants (2-12 months of age; 3-11 kg) with an American Society of Anesthesiologists classification I, II, or III who were scheduled to undergo neurosurgical procedures were included in the study. Anesthesia was induced with 5 mg/kg thiopental, 1 μg/kg fentanyl and 0.6 mg/kg rocuronium. Sevoflurane was administered to all patients after intubation. The neuromuscular block was monitored with acceleromyography using train-of-four (TOF) stimuli. Patients received additional doses of rocuronium to maintain a deep block during surgery. If profound neuromuscular block (TOF, 0) persisted at the end of the surgery, 3mg/kg sugammadex was administered. The demographic data, surgeries, and anesthetic agents were recorded. The time from sugammadex administration to recovery of neuromuscular function (TOF ratio, >0.9) and complications during and after extubation were also recorded. Twenty-six infants who had a deep neuromuscular block (TOF, 0) at the end of surgery received 3 mg/kg sugammadex. The mean recovery time of the T4/T1 ratio of 0.9 was 112 seconds. No clinical evidence of recurarization or residual curarization was observed. The efficacy and safety of sugammadex were confirmed in infant surgical patients for reversal of deep neuromuscular block induced by rocuronium. Copyright © 2016 Elsevier Inc. All rights reserved.

  13. Proprioceptive Neuromuscular Facilitation (PNF): Its Mechanisms and Effects on Range of Motion and Muscular Function

    Science.gov (United States)

    Hindle, Kayla B.; Whitcomb, Tyler J.; Briggs, Wyatt O.; Hong, Junggi

    2012-01-01

    Proprioceptive neuromuscular facilitation (PNF) is common practice for increasing range of motion, though little research has been done to evaluate theories behind it. The purpose of this study was to review possible mechanisms, proposed theories, and physiological changes that occur due to proprioceptive neuromuscular facilitation techniques. Four theoretical mechanisms were identified: autogenic inhibition, reciprocal inhibition, stress relaxation, and the gate control theory. The studies suggest that a combination of these four mechanisms enhance range of motion. When completed prior to exercise, proprioceptive neuromuscular facilitation decreases performance in maximal effort exercises. When this stretching technique is performed consistently and post exercise, it increases athletic performance, along with range of motion. Little investigation has been done regarding the theoretical mechanisms of proprioceptive neuromuscular facilitation, though four mechanisms were identified from the literature. As stated, the main goal of proprioceptive neuromuscular facilitation is to increase range of motion and performance. Studies found both of these to be true when completed under the correct conditions. These mechanisms were found to be plausible; however, further investigation needs to be conducted. All four mechanisms behind the stretching technique explain the reasoning behind the increase in range of motion, as well as in strength and athletic performance. Proprioceptive neuromuscular facilitation shows potential benefits if performed correctly and consistently. PMID:23487249

  14. Developmental and adult-specific processes contribute to de novo neuromuscular regeneration in the lizard tail.

    Science.gov (United States)

    Tokuyama, Minami A; Xu, Cindy; Fisher, Rebecca E; Wilson-Rawls, Jeanne; Kusumi, Kenro; Newbern, Jason M

    2018-01-15

    Peripheral nerves exhibit robust regenerative capabilities in response to selective injury among amniotes, but the regeneration of entire muscle groups following volumetric muscle loss is limited in birds and mammals. In contrast, lizards possess the remarkable ability to regenerate extensive de novo muscle after tail loss. However, the mechanisms underlying reformation of the entire neuromuscular system in the regenerating lizard tail are not completely understood. We have tested whether the regeneration of the peripheral nerve and neuromuscular junctions (NMJs) recapitulate processes observed during normal neuromuscular development in the green anole, Anolis carolinensis. Our data confirm robust axonal outgrowth during early stages of tail regeneration and subsequent NMJ formation within weeks of autotomy. Interestingly, NMJs are overproduced as evidenced by a persistent increase in NMJ density 120 and 250 days post autotomy (DPA). Substantial Myelin Basic Protein (MBP) expression could also be detected along regenerating nerves indicating that the ability of Schwann cells to myelinate newly formed axons remained intact. Overall, our data suggest that the mechanism of de novo nerve and NMJ reformation parallel, in part, those observed during neuromuscular development. However, the prolonged increase in NMJ number and aberrant muscle differentiation hint at processes specific to the adult response. An examination of the coordinated exchange between peripheral nerves, Schwann cells, and newly synthesized muscle of the regenerating neuromuscular system may assist in the identification of candidate molecules that promote neuromuscular recovery in organisms incapable of a robust regenerative response. Copyright © 2017 Elsevier Inc. All rights reserved.

  15. Inferencias sobre Grafos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sira M. Allende

    2002-05-01

    Full Text Available El estudio de un juego puede ser modelado asumiendo que solo algunas partidas son observadas. Entonces el árbol del juego debe ser estimado utilizando información muestral. Similarmente ocurre al obtener información sobre el comportamiento de las decisiones tomadas por individuos muestreados sobre un árbol de decisión teórico. Al considerar una medida de probabilidad que caracterice el comportamiento de redes aleatorias se puede obtener un estimado del árbol asociado. Este problema es el analizado en este trabajo. Algunos resultados experimentales obtenidos usando Recocido Simulado ilustran el procedimiento. Su papel en el estudio de modelos económicos y de mercadeo es discutido.

  16. Escrito sobre el cuerpo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Malalana Ureña

    2013-09-01

    Full Text Available El catálogo, en una edición bilingüe español-inglés, es una pequeña guía de la exposición Shirin Neshat. Escrito sobre el cuerpo, muestra que se integra dentro de los actos de PHOTOESPAÑA13, el festival internacional de fotografía y artes visuales. El esquema del libro es sencillo y los textos son extremadamente divulgativos. El primero de ellos, Escrito sobre el cuerpo (pp. 10-15, cuyo autor es Octavio Zaya, comisario de la exposición, resume la trayectoria de esta intelectual, que "interactúa" con la fotografía y los formatos audiovisuales, y nos presenta la argumentación narrativa de los documentos expuestos, contextualizando la obra recopilada.

  17. Treinamento auditivo formal em idosos usuários de próteses auditivas Formal auditory training in elderly hearing aid users

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elisiane Crestani de Miranda

    2008-12-01

    Full Text Available A implantação de programas de reabilitação para o deficiente auditivo idoso é de grande importância. OBJETIVO: Verificar a eficácia de um programa de treinamento auditivo formal em idosos que receberam próteses auditivas há no mínimo três meses, por meio de testes de reconhecimento de fala e questionário de auto-avaliação. MÉTODO: Estudo de coorte contemporânea longitudinal. Foram selecionados 13 idosos usuários de próteses auditivas intra-aurais em adaptação binaural, de ambos os sexos, com idade média de 65,30 anos. Este grupo foi subdividido aleatoriamente em Grupo Experimental e Grupo Controle, por meio de sorteio. O Grupo Experimental foi submetido a sete sessões de treinamento auditivo formal, visando estimular as habilidades auditivas de fechamento auditivo, memória, atenção, figura-fundo e integração binaural. Os participantes foram avaliados por três testes comportamentais e um questionário de auto-avaliação. RESULTADOS: Os idosos do Grupo Experimental apresentaram desempenho significantemente melhor nas avaliações após o treinamento auditivo e também em relação ao Grupo Controle. CONCLUSÃO: O programa de treinamento auditivo em cabina acústica, associado ao uso de próteses auditivas, melhora o desempenho das habilidades de reconhecimento de fala e reduz a percepção do handicap auditivo de idosos usuários de próteses auditivas intra-aurais.It is of paramount importance to install hearing rehabilitation programs for the elderly. AIM: to check the efficacy of a forma auditory training program for elderly patients fitted with hearing aids for at least three months, by means of speech recognition tests and self-assessment questionnaires. METHODS: longitudinal contemporary cohort study. We selected 13 elderly hearing aid users, using intra-canal hearing aids in both ears, from both genders, with average age of 65.3 years. This group was randomly divided in Experiment Group and Control Group. The

  18. ASSOCIAÇÃO ENTRE O ÍNDICE DE ADIPOSIDADE CORPORAL (IAC E ÍNDICE DE MASSA CORPORAL (IMC EM MULHERES PRATICANTES DE TREINAMENTO RESISTIDO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    William Cordeiro de Souza

    2014-04-01

    Full Text Available O presente estudo buscou como objetivo realizar uma relação entre o índice de adiposidade corporal (IAC e índice de massa corporal (IMC em mulheres praticantes de treinamento resistido. A mostra foi composta por 14 mulheres (idade: 27 ± 3.96 anos praticantes de treinamento resistido (3 a 5 dias por semana. Foram avaliados o peso e a estatura para obtenção de IMC e circunferência do quadril (CQ na determinação do índice de adiposidade corporal. Na análise dos dados foi utilizada à estatística descritiva: Média, desvio padrão (dp, frequência percentual (% e o fator de correlação de Pearson (r com nível de significância de 0,05. Nos resultados obtidos observou-se que no IMC todas as avaliadas estão dentro dos padrões estabelecidos (eutroficas. Com relação ao IAC, 28.57% (n=4 das mulheres avaliadas estão dentro do padrão “Ideal”, 42.87% (n=6 com seu percentual “Moderado” e 28.57% (n= 4 com “Excesso de gordura”. Quanto à circunferência do quadril foi verificado que as todas as avaliadas (n=14 estão com dentro dos padrões recomendo. Não foram encontradas correlações entre IMC e IAC (r =0,392 e p =0,164, nem entre IMC e CQ (r =0,272 e p =0,345. Ao finalizar o estudo foi verificado que não houve diferenças significativas entre IMC e IAC; nem para o IMC com a CQ.

  19. Partial neuromuscular blockade in humans enhances muscle blood flow during exercise independently of muscle oxygen uptake and acetylcholine receptor blockade

    DEFF Research Database (Denmark)

    Hellsten, Ylva; Krustrup, Peter; Iaia, F Marcello

    2009-01-01

    This study examined the role of acetylcholine for skeletal muscle blood flow during exercise by use of the competitive neuromuscular blocking agent cisatracurium in combination with the acetylcholine receptor blocker glycopyrrone. Nine healthy male subjects performed a 10-min bout of one-legged k......This study examined the role of acetylcholine for skeletal muscle blood flow during exercise by use of the competitive neuromuscular blocking agent cisatracurium in combination with the acetylcholine receptor blocker glycopyrrone. Nine healthy male subjects performed a 10-min bout of one...... conductance during exercise, events that are not associated with either acetylcholine or an increased oxygen demand. The results do not support an essential role for acetylcholine, released form the neuromuscular junction, in exercise hyperaemia or for the enhanced blood flow during neuromuscular blockade....... The enhanced exercise hyperemia during partial neuromuscular blockade may be related to a greater recruitment of fast-twitch muscle fibres. Key words: blood flow, neuromuscular blockade, exercise, skeletal muscle....

  20. Necessidades de treinamento organizacional e motivação para trabalhar Training needs and work motivation: analysis of the relationship

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gisela Gomes da Silva

    2012-04-01

    Full Text Available Apesar de contribuir com a programação, a execução e a avaliação de resultados, a etapa de análise de necessidades tem sido constantemente negligenciada pela literatura científica e pela prática profissional de treinamento, cujos volumosos investimentos, portanto, tendem a ser desperdiçados. Os modelos que orientam este importante campo foram propostos há aproximadamente 50 anos, de forma que não são capazes, atualmente, de orientar teórica e metodologicamente estudiosos e praticantes da área. Nesse sentido, esta pesquisa objetivou, mediante execução de análise de covariância em amostra de 213 participantes, investigar a relação entre motivação para o trabalho e complexidade de necessidades de treinamento, com vistas a permitir a composição futura de modelos teóricos de análise de necessidades integrados, não apenas por componentes relacionados às tarefas, como prescrito na literatura, mas, também, por variáveis relativas aos níveis individual, grupal e organizacional de análise. Especificamente, quatro objetivos específicos, cada qual associado a procedimentos e técnicas de pesquisa particulares, foram determinados: (1 elaborar, por meio de pesquisa documental e grupo de foco, e validar, teórica e empiricamente, a partir de entrevista individual e realização de análises fatoriais exploratórias, instrumento para aferição das necessidades de treinamento; (2 adaptar e validar estatisticamente o instrumento de medida de motivação para trabalhar, também em função de análises fatoriais exploratórias; (3 com teste de diferença de médias entre amostras independentes, formar grupos de comparação em função do no nível de motivação para trabalhar dos respondentes; e (4 identificar variáveis de controle estatístico para composição do modelo final de investigação a partir de correlações bivariadas. Os resultados obtidos satisfizeram todos esses quatro objetivos intermediários de pesquisa

  1. Análise de lesão muscular e comportamento do vo2máx entre um programa de treinamento de corrida em piscina funda e corrida em terra

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alecsandra Pinheiro Vendrusculo

    2014-12-01

    Full Text Available Objetivo: avaliar e comparar a ocorrência de lesão muscular e o comportamento do consumo máximo de oxigênio (VO2máx entre um programa de treinamento de corrida em terra (CT e um programa de treinamento de corrida em piscina funda (CPF. Método: participaram do estudo 14 indivíduos não treinados. O treinamento durou 12 semanas, três vezes na semana. Analisou-se o comportamento do VO2máx pré e pós-treinamento. Para a análise de lesão muscular utilizou-se a enzima creatina quinase (CK pré, logo após, pós 24h e 48h da sessão, a cada quatro semanas e a ultrassonografia (US a cada quatro semanas. Resultados: Quando se analisou o comportamento do VO2máx, verificou-se diferença entre os valores pré e pós-treinamento, mas não houve diferença entre os grupos. Quanto à CK, verificou-se diferença entre os grupos na medida 24hs após, o que não foi verificado nas outras medidas. Para o grupo CT, somente nas coletas dois e quatro verificou-se diferença entre as medidas 24hs após e 48hs após, mas não ocorreram diferenças significativas entre as medidas e nem entre os grupos. Na US, nenhum dos grupos apresentou diferença significativa entre os exames, mas no grupo CT apareceram duas lesões na terceira coleta. Considerações finais: concluiu-se que as duas modalidades de treinamento proporcionam uma melhora na aptidão cardiorrespiratória e, embora não tenha ocorrido diferença significativa em algumas coletas de CK entre os grupos, a CT provocou maiores aumentos na concentração sanguínea de CK, sugerindo que o meio líquido pode ser o mais indicado para proteger o sistema musculoesquelético.

  2. Active zones of mammalian neuromuscular junctions: formation, density, and aging.

    Science.gov (United States)

    Nishimune, Hiroshi

    2012-12-01

    Presynaptic active zones are synaptic vesicle release sites that play essential roles in the function and pathology of mammalian neuromuscular junctions (NMJs). The molecular mechanisms of active zone organization use presynaptic voltage-dependent calcium channels (VDCCs) in NMJs as scaffolding proteins. VDCCs interact extracellularly with the muscle-derived synapse organizer, laminin β2 and interact intracellularly with active zone-specific proteins, such as Bassoon, CAST/Erc2/ELKS2alpha, ELKS, Piccolo, and RIMs. These molecular mechanisms are supported by studies in P/Q- and N-type VDCCs double-knockout mice, and they are consistent with the pathological conditions of Lambert-Eaton myasthenic syndrome and Pierson syndrome, which are caused by autoantibodies against VDCCs or by a laminin β2 mutation. During normal postnatal maturation, NMJs maintain the density of active zones, while NMJs triple their size. However, active zones become impaired during aging. Propitiously, muscle exercise ameliorates the active zone impairment in aged NMJs, which suggests the potential for therapeutic strategies. © 2012 New York Academy of Sciences.

  3. Interleaved neuromuscular electrical stimulation: Motor unit recruitment overlap.

    Science.gov (United States)

    Wiest, Matheus J; Bergquist, Austin J; Schimidt, Helen L; Jones, Kelvin E; Collins, David F

    2017-04-01

    In this study, we quantified the "overlap" between motor units recruited by single pulses of neuromuscular electrical stimulation (NMES) delivered over the tibialis anterior muscle (mNMES) and the common peroneal nerve (nNMES). We then quantified the torque produced when pulses were alternated between the mNMES and nNMES sites at 40 Hz ("interleaved" NMES; iNMES). Overlap was assessed by comparing torque produced by twitches evoked by mNMES, nNMES, and both delivered together, over a range of stimulus intensities. Trains of iNMES were delivered at the intensity that produced the lowest overlap. Overlap was lowest (5%) when twitches evoked by both mNMES and nNMES produced 10% peak twitch torque. iNMES delivered at this intensity generated 25% of maximal voluntary dorsiflexion torque (11 Nm). Low intensity iNMES leads to low overlap and produces torque that is functionally relevant to evoke dorsiflexion during walking. Muscle Nerve 55: 490-499, 2017. © 2016 Wiley Periodicals, Inc.

  4. Verifax: Biometric instruments measuring neuromuscular disorders/performance impairments

    Science.gov (United States)

    Morgenthaler, George W.; Shrairman, Ruth; Landau, Alexander

    1998-01-01

    VeriFax, founded in 1990 by Dr. Ruth Shrairman and Mr. Alex Landau, began operations with the aim of developing a biometric tool for the verification of signatures from a distance. In the course of developing this VeriFax Autograph technology, two other related applications for the technologies under development at VeriFax became apparent. The first application was in the use of biometric measurements as clinical monitoring tools for physicians investigating neuromuscular diseases (embodied in VeriFax's Neuroskill technology). The second application was to evaluate persons with critical skills (e.g., airline pilots, bus drivers) for physical and mental performance impairments caused by stress, physiological disorders, alcohol, drug abuse, etc. (represented by VeriFax's Impairoscope prototype instrument). This last application raised the possibility of using a space-qualified Impairoscope variant to evaluate astronaut performance with respect to the impacts of stress, fatigue, excessive workload, build-up of toxic chemicals within the space habitat, etc. The three applications of VeriFax's patented technology are accomplished by application-specific modifications of the customized VeriFax software. Strong commercial market potentials exist for all three VeriFax technology applications, and market progress will be presented in more detail below.

  5. Neuromuscular factors related to success in Olympic wrestling

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alfonso Martínez-Moreno

    2011-03-01

    Full Text Available Abstract This study was undertaken to determine the relationship between maximum dynamic and isometric strength and success in male and female Olympic wrestling. Thirty-five female and thirty-seven male wrestlers were assigned into 4 groups according to their gender and competitive level: men elite (♂ ET, n = 18 and amateur (AT ♂, n = 19 and female elite (♀ ET n = 13 and amateur (AT ♀, n = 22. All subjects underwent assessments of body composition, countermovement jump, maximum dynamic strength test in full squat and bench press exercises and maximum isometric strength test of grip and hip extension. All the neuromuscular markers studied showed significantly higher values in the two elite groups compared to their respective amateur groups results, except the jump height between ♀ET y ♀AT, where no significant differences were detected. The present results suggest that the higher maximum isometric and dynamic strength values, explained in part by the differences in lean mass, will give elite wrestlers a clear advantage during the most frequently used techniques in Olympic wrestling.  Key  Words: bench press; squat; maximum dynamic strength; maximum isometric strength; combat.

  6. Neuromuscular factors related to success in Olympic wrestling

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alfonso Martínez-Moreno

    2011-03-01

    Full Text Available AbstractThis study was undertaken to determine the relationship between maximum dynamic and isometric strength and success in male and female Olympic wrestling. Thirty-five female and thirty-seven male wrestlers were assigned into 4 groups according to their gender and competitive level: men elite (♂ ET, n = 18 and amateur (AT ♂, n = 19 and female elite (♀ ET n = 13 and amateur (AT ♀, n = 22. All subjects underwent assessments of body composition, countermovement jump, maximum dynamic strength test in full squat and bench press exercises and maximum isometric strength test of grip and hip extension. All the neuromuscular markers studied showed significantly higher values in the two elite groups compared to their respective amateur groups results, except the jump height between ♀ET y ♀AT, where no significant differences were detected. The present results suggest that the higher maximum isometric and dynamic strength values, explained in part by the differences in lean mass, will give elite wrestlers a clear advantage during the most frequently used techniques in Olympic wrestling. Key  Words: bench press; squat; maximum dynamic strength; maximum isometric strength; combat.

  7. Neuromuscular adjustments of the quadriceps muscle after repeated cycling sprints.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Olivier Girard

    Full Text Available PURPOSE: This study investigated the supraspinal processes of fatigue of the quadriceps muscle in response to repeated cycling sprints. METHODS: Twelve active individuals performed 10 × 6-s "all-out" sprints on a cycle ergometer (recovery = 30 s, followed 6 min later by 5 × 6-s sprints (recovery = 30 s. Transcranial magnetic and electrical femoral nerve stimulations during brief (5-s and sustained (30-s isometric contractions of the knee extensors were performed before and 3 min post-exercise. RESULTS: Maximal strength of the knee extensors decreased during brief and sustained contractions (~11% and 9%, respectively; P0.05. While cortical voluntary activation declined (P 40% reduced (P<0.001 following exercise. CONCLUSION: The capacity of the motor cortex to optimally drive the knee extensors following a repeated-sprint test was shown in sustained, but not brief, maximal isometric contractions. Additionally, peripheral factors were largely involved in the exercise-induced impairment in neuromuscular function, while corticospinal excitability was well-preserved.

  8. Alterations in neuromuscular function in girls with generalized joint hypermobility.

    Science.gov (United States)

    Jensen, Bente Rona; Sandfeld, Jesper; Melcher, Pia Sandfeld; Johansen, Katrine Lyders; Hendriksen, Peter; Juul-Kristensen, Birgit

    2016-10-03

    Generalized Joint Hypermobility (GJH) is associated with increased risk of musculoskeletal joint pain. We investigated neuromuscular performance and muscle activation strategy. Girls with GJH and non-GJH (NGJH) performed isometric knee flexions (90°,110°,130°), and extensions (90°) at 20 % Maximum Voluntary Contraction, and explosive isometric knee flexions while sitting. EMG was recorded from knee flexor and extensor muscles. Early rate of torque development was 53 % faster for GJH. Reduced hamstring muscle activation in girls with GJH was found while knee extensor and calf muscle activation did not differ between groups. Flexion-extension and medial-lateral co-activation ratio during flexions were higher for girls with GJH than NGJH girls. Girls with GJH had higher capacity to rapidly generate force than NGJH girls which may reflect motor adaptation to compensate for hypermobility. Higher medial muscle activation indicated higher levels of medial knee joint compression in girls with GJH. Increased flexion-extension co-activation ratios in GJH were explained by decreased agonist drive to the hamstrings.

  9. Long-term neuromuscular training and ankle joint position sense.

    Science.gov (United States)

    Kynsburg, A; Pánics, G; Halasi, T

    2010-06-01

    Preventive effect of proprioceptive training is proven by decreasing injury incidence, but its proprioceptive mechanism is not. Major hypothesis: the training has a positive long-term effect on ankle joint position sense in athletes of a high-risk sport (handball). Ten elite-level female handball-players represented the intervention group (training-group), 10 healthy athletes of other sports formed the control-group. Proprioceptive training was incorporated into the regular training regimen of the training-group. Ankle joint position sense function was measured with the "slope-box" test, first described by Robbins et al. Testing was performed one day before the intervention and 20 months later. Mean absolute estimate errors were processed for statistical analysis. Proprioceptive sensory function improved regarding all four directions with a high significance (pneuromuscular training has improved ankle joint position sense function in the investigated athletes. This joint position sense improvement can be one of the explanations for injury rate reduction effect of neuromuscular training.

  10. Kinematic and neuromuscular relationships between lower extremity clinical movement assessments.

    Science.gov (United States)

    Mauntel, Timothy C; Cram, Tyler R; Frank, Barnett S; Begalle, Rebecca L; Norcross, Marc F; Blackburn, J Troy; Padua, Darin A

    2018-06-01

    Lower extremity injuries have immediate and long-term consequences. Lower extremity movement assessments can assist with identifying individuals at greater injury risk and guide injury prevention interventions. Movement assessments identify similar movement characteristics and evidence suggests large magnitude kinematic relationships exist between movement patterns observed across assessments; however, the magnitude of the relationships for electromyographic (EMG) measures across movement assessments remains largely unknown. This study examined relationships between lower extremity kinematic and EMG measures during jump landings and single leg squats. Lower extremity three-dimensional kinematic and EMG data were sampled from healthy adults (males = 20, females = 20) during the movement assessments. Pearson correlations examined the relationships of the kinematic and EMG measures and paired samples t-tests compared mean kinematic and EMG measures between the assessments. Overall, significant moderate correlations were observed for lower extremity kinematic (r avg  = 0.41, r range  = 0.10-0.61) and EMG (r avg  = 0.47, r range  = 0.32-0.80) measures across assessments. Kinematic and EMG measures were greater during the jump landings. Jump landings and single leg squats place different demands on the body and necessitate different kinematic and EMG patterns, such that these measures are not highly correlated between assessments. Clinicians should, therefore, use multiple assessments to identify aberrant movement and neuromuscular control patterns so that comprehensive interventions can be implemented.

  11. Validity of the Neuromuscular Recovery Scale: a measurement model approach.

    Science.gov (United States)

    Velozo, Craig; Moorhouse, Michael; Ardolino, Elizabeth; Lorenz, Doug; Suter, Sarah; Basso, D Michele; Behrman, Andrea L

    2015-08-01

    To determine how well the Neuromuscular Recovery Scale (NRS) items fit the Rasch, 1-parameter, partial-credit measurement model. Confirmatory factor analysis (CFA) and principal components analysis (PCA) of residuals were used to determine dimensionality. The Rasch, 1-parameter, partial-credit rating scale model was used to determine rating scale structure, person/item fit, point-measure item correlations, item discrimination, and measurement precision. Seven NeuroRecovery Network clinical sites. Outpatients (N=188) with spinal cord injury. Not applicable. NRS. While the NRS met 1 of 3 CFA criteria, the PCA revealed that the Rasch measurement dimension explained 76.9% of the variance. Ten of 11 items and 91% of the patients fit the Rasch model, with 9 of 11 items showing high discrimination. Sixty-nine percent of the ratings met criteria. The items showed a logical item-difficulty order, with Stand retraining as the easiest item and Walking as the most challenging item. The NRS showed no ceiling or floor effects and separated the sample into almost 5 statistically distinct strata; individuals with an American Spinal Injury Association Impairment Scale (AIS) D classification showed the most ability, and those with an AIS A classification showed the least ability. Items not meeting the rating scale criteria appear to be related to the low frequency counts. The NRS met many of the Rasch model criteria for construct validity. Copyright © 2015 American Congress of Rehabilitation Medicine. Published by Elsevier Inc. All rights reserved.

  12. The rapid evolution of molecular genetic diagnostics in neuromuscular diseases.

    Science.gov (United States)

    Volk, Alexander E; Kubisch, Christian

    2017-10-01

    The development of massively parallel sequencing (MPS) has revolutionized molecular genetic diagnostics in monogenic disorders. The present review gives a brief overview of different MPS-based approaches used in clinical diagnostics of neuromuscular disorders (NMDs) and highlights their advantages and limitations. MPS-based approaches like gene panel sequencing, (whole) exome sequencing, (whole) genome sequencing, and RNA sequencing have been used to identify the genetic cause in NMDs. Although gene panel sequencing has evolved as a standard test for heterogeneous diseases, it is still debated, mainly because of financial issues and unsolved problems of variant interpretation, whether genome sequencing (and to a lesser extent also exome sequencing) of single patients can already be regarded as routine diagnostics. However, it has been shown that the inclusion of parents and additional family members often leads to a substantial increase in the diagnostic yield in exome-wide/genome-wide MPS approaches. In addition, MPS-based RNA sequencing just enters the research and diagnostic scene. Next-generation sequencing increasingly enables the detection of the genetic cause in highly heterogeneous diseases like NMDs in an efficient and affordable way. Gene panel sequencing and family-based exome sequencing have been proven as potent and cost-efficient diagnostic tools. Although clinical validation and interpretation of genome sequencing is still challenging, diagnostic RNA sequencing represents a promising tool to bypass some hurdles of diagnostics using genomic DNA.

  13. HEMODYNAMIC AND LACTIC ACID RESPONSES TO PROPRIOCEPTIVE NEUROMUSCULAR FACILITATION EXERCISE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Zuhal Gültekin

    2006-09-01

    Full Text Available The hemodynamic and metabolic responses to proprioceptive neuromuscular facilitation (PNF exercise were examined in 32 male university students (aged 19-28 years. Ten repetitions of PNF exercises were applied to the subjects' dominant upper extremities in the following order: as an agonist pattern flexion, adduction and external rotation; and as an antagonist pattern extension, abduction and internal rotation. Heart rate (HR, systolic blood pressure (SBP, diastolic blood pressure (DBP, double product (DP, and blood lactate concentration (La were determined before, immediately after, and at 1st, 3rd, and 5th minutes after PNF exercise. A one-way ANOVA with repeated measures indicated significant differences in HR, SBP, DBP, DP and La immediately after PNF exercise. HR increased from 81 (±10 to 108 (±15 b·min-1 (p < 0.01, SBP increased from 117 (±10 to 125 (±11 mmHg (p < 0.01, DBP increased from 71 (±10 to 75 (±8 mmHg (p < 0.01, DP increased from 96 (±16 to 135 (±24 (p < 0.01, and La increased from 0.69 (±0.31 to 3.99 (±14.63 mmol·L-1 (p < 0.01. Thus PNF exercise resulted in increased hemodynamic responses and blood lactate concentration that indicate a high strain on the cardiovascular system and anaerobic metabolism in healthy subjects

  14. Neurologic and neuromuscular functional disorders of the pharynx and esophagus

    International Nuclear Information System (INIS)

    Wuttge-Hannig, A.; Hannig, C.

    2007-01-01

    Neurologic swallowing disorders are an increasing diagnostic problem in our overaged population. Undiagnosed chronic aspiration pneumonia is the cause of death in 20-40% of all inhabitants of nursing homes. In neurologic diseases of the pharynx, the physiologic interaction of pharyngeal contraction, closure of the pharynx, and esophageal motility are frequently disturbed. This may be due to cortical, bulbar, or cerebellar brain damage of ischemic or traumatic origin. Furthermore diseases or peripheral nerves, muscles, and synapses cause disturbances. The most life-threatening complication of these disturbances is tracheal aspiration, which requires an iso-osmolar contrast medium for imaging studies that cause no or minimal pulmonary problems. Utilizing fast dynamic documentation we can analyze the swallowing act in 35 images within the passage time of 0.7 s. This requires digital frame sequences from 15-50 images/s, which can be provided by DSI or videofluoroscopy. Neurologic and neuromuscular patterns are demonstrated with and without tracheal aspiration. The differentiation of aspiration in a so-called pre-, intra-, and postdeglutitive form is possible. We distinguish four grades of severity of aspiration, which is also of great clinical impact for the differential rehabilitation therapy. The efficiency of the rehabilitation protocol can be assessed by the dynamic swallowing studies. (orig.) [de

  15. Role of analgesics, sedatives, neuromuscular blockers, and delirium.

    Science.gov (United States)

    Hall, Jesse B; Schweickert, William; Kress, John P

    2009-10-01

    A major focus on critical care medicine concerns the institution of life-support therapies, such as mechanical ventilation, during periods of organ failure to permit a window of opportunity to diagnose and treat underlying disorders so that patients may be returned to their prior functional status upon recovery. With the growing success of these intensive care unit-based therapies and longer-term follow-up of patients, severe weakness involving the peripheral nervous system and muscles has been identified in many recovering patients, often confounding the time course or magnitude of recovery. Mechanical ventilation is often accompanied by pharmacologic treatments including analgesics, sedatives, and neuromuscular blockers. These drugs and the encephalopathies accompanying some forms of critical illness result in a high prevalence of delirium in mechanically ventilated patients. These drug effects likely contribute to an impaired ability to assess the magnitude of intensive care unit-acquired weakness, to additional time spent immobilized and mechanically ventilated, and to additional weakness from the patient's relative immobility and bedridden state. This review surveys recent literature documenting these relationships and identifying approaches to minimize pharmacologic contributions to intensive care unit-acquired weakness.

  16. Peripheral neuromuscular dysfunction and falls in an elderly cohort.

    Science.gov (United States)

    Sorock, G S; Labiner, D M

    1992-09-01

    In a prospective study of 169 tenants of senior citizen housing in New Jersey in 1986-1987, the relations between tests of peripheral sensory and motor functions in the lower extremities and the rate of first falls were evaluated. The mean age of the cohort was 79.8 years. Fifty-seven persons fell at least once during the follow-up period (mean, 5.6 months). After adjustment for history of stroke, heart failure, emphysema, and use of a walker or cane, rate ratios for first falls were elevated in subjects with reduced toe joint position sense (rate ratio (RR) = 2.2) and sharp-dull discrimination (RR = 2.0), but to a lesser extent for reduced ankle strength (RR = 1.5). Presence of one or more of these three deficits was defined as a peripheral neuromuscular dysfunction and was associated with first falls after adjustment for multiple covariates (RR = 2.4, 95% confidence interval 1.3-4.5). Having two or all three sensory or motor deficits increased the rate of falling 3.9 times (95% confidence interval 2.1-7.0) compared with persons without these deficits. These data suggest that impaired sensory and motor function of the lower extremities plays an important role in falls in the elderly.

  17. Applications of Shape Memory Alloys for Neurology and Neuromuscular Rehabilitation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Simone Pittaccio

    2015-05-01

    Full Text Available Shape memory alloys (SMAs are a very promising class of metallic materials that display interesting nonlinear properties, such as pseudoelasticity (PE, shape memory effect (SME and damping capacity, due to high mechanical hysteresis and internal friction. Our group has applied SMA in the field of neuromuscular rehabilitation, designing some new devices based on the mentioned SMA properties: in particular, a new type of orthosis for spastic limb repositioning, which allows residual voluntary movement of the impaired limb and has no predetermined final target position, but follows and supports muscular elongation in a dynamic and compliant way. Considering patients in the sub-acute phase after a neurological lesion, and possibly bedridden, the paper presents a mobiliser for the ankle joint, which is designed exploiting the SME to provide passive exercise to the paretic lower limb. Two different SMA-based applications in the field of neuroscience are then presented, a guide and a limb mobiliser specially designed to be compatible with diagnostic instrumentations that impose rigid constraints in terms of electromagnetic compatibility and noise distortion. Finally, the paper discusses possible uses of these materials in the treatment of movement disorders, such as dystonia or hyperkinesia, where their dynamic characteristics can be advantageous.

  18. Noninvasive Respiratory Management of Patients With Neuromuscular Disease.

    Science.gov (United States)

    Bach, John R

    2017-08-01

    This review article describes definitive noninvasive respiratory management of respiratory muscle dysfunction to eliminate need to resort to tracheotomy. In 2010 clinicians from 22 centers in 18 countries reported 1,623 spinal muscular atrophy type 1 (SMA1), Duchenne muscular dystrophy (DMD), and amyotrophic lateral sclerosis users of noninvasive ventilatory support (NVS) of whom 760 required it continuously (CNVS). The CNVS sustained their lives by over 3,000 patient-years without resort to indwelling tracheostomy tubes. These centers have now extubated at least 74 consecutive ventilator unweanable patients with DMD, over 95% of CNVS-dependent patients with SMA1, and hundreds of others with advanced neuromuscular disorders (NMDs) without resort to tracheotomy. Two centers reported a 99% success rate at extubating 258 ventilator unweanable patients without resort to tracheotomy. Patients with myopathic or lower motor neuron disorders can be managed noninvasively by up to CNVS, indefinitely, despite having little or no measurable vital capacity, with the use of physical medicine respiratory muscle aids. Ventilator-dependent patients can be decannulated of their tracheostomy tubes.

  19. Effect of calcium on excitatory neuromuscular transmission in the crayfish

    Science.gov (United States)

    Bracho, H.; Orkand, R. K.

    1970-01-01

    1. The effects of varying the external Ca concentration from 1·8 to 30 mM/l. (⅛-2 times normal) have been studied at the in vitro crayfish excitatory neuromuscular junction. Electrophysiological techniques were used to record transmembrane junctional potentials from muscle fibres and extracellular junctional currents from the vicinity of nerve terminals. 2. The excitatory junctional potential amplitude was proportional to [Ca]0n, where n varied between 0·68 and 0·94 (mean 0·82) when [Ca]0 was varied from 1·8 to 15 mM/l. 3. The increase in junctional potential amplitude on raising [Ca]0 resulted primarily from an increase in the average number of quanta of excitatory transmitter released from the presynaptic nerve terminal by the nerve impulse. 4. The size of the quanta, synaptic delay, presynaptic potential and electrical properties of the muscle membrane were little affected by changes in calcium concentration in the range studied. PMID:5498460

  20. Evaluation of ventilators for mouthpiece ventilation in neuromuscular disease.

    Science.gov (United States)

    Khirani, Sonia; Ramirez, Adriana; Delord, Vincent; Leroux, Karl; Lofaso, Frédéric; Hautot, Solène; Toussaint, Michel; Orlikowski, David; Louis, Bruno; Fauroux, Brigitte

    2014-09-01

    Daytime mouthpiece ventilation is a useful adjunct to nocturnal noninvasive ventilation (NIV) in patients with neuromuscular disease. The aims of the study were to analyze the practice of mouthpiece ventilation and to evaluate the performance of ventilators for mouthpiece ventilation. Practice of mouthpiece ventilation was assessed by a questionnaire, and the performance of 6 home ventilators with mouthpiece ventilation was assessed in a bench test using 24 different conditions per ventilator: 3 mouthpieces, a child and an adult patient profile, and 4 ventilatory modes. Questionnaires were obtained from 30 subjects (mean age 33 ± 11 y) using NIV for 12 ± 7 y. Fifteen subjects used NIV for > 20 h/day, and 11 were totally ventilator-dependent. The subject-reported benefits of mouthpiece ventilation were a reduction in dyspnea (73%) and fatigue (93%) and an improvement in speech (43%) and eating (27%). The bench study showed that none of the ventilators, even those with mouthpiece ventilation software, were able to deliver mouthpiece ventilation without alarms and/or autotriggering in each condition. Alarms and/or ineffective triggering or autotriggering were observed in 135 of the 198 conditions. The occurrence of alarms was more common with a large mouthpiece without a filter compared to a small mouthpiece with a filter (P ventilator. Subjects are satisfied with mouthpiece ventilation. Alarms are common with home ventilators, although less common in those with mouthpiece ventilation software. Improvements in home ventilators are needed to facilitate the expansion of mouthpiece ventilation. Copyright © 2014 by Daedalus Enterprises.

  1. Supervised neuromuscular exercise prior to hip and knee replacement

    DEFF Research Database (Denmark)

    Fernandes, Linda; Roos, Ewa M; Overgaard, Søren

    2017-01-01

    was analysed to estimate the probability for the intervention being cost effective for a range of threshold values. A health care sector perspective was applied. RESULTS: HOOS/KOOS quality of life [8.25 (95% CI, 0.42 to 16.10)] and QALYs [0.04 (95% CI, 0.01 to 0.07)] were statistically significantly improved....... Effect-sizes ranged between 0.09-0.59 for HOOS/KOOS subscales. Despite including an intervention cost of €326 per patient, there was no difference in total cost between groups [€132 (95% CI -3942 to 3679)]. At a threshold of €40,000, preoperative exercise was found to be cost effective at 84% probability....... CONCLUSION: Preoperative supervised neuromuscular exercise for 8 weeks was found to be cost-effective in patients scheduled for THR and TKR surgery at conventional thresholds for willingness to pay. One-year clinical effects were small to moderate and favoured the intervention group, but only statistically...

  2. Lower Limb Neuromuscular Asymmetry in Volleyball and Basketball Players.

    Science.gov (United States)

    Fort-Vanmeerhaeghe, Azahara; Gual, Gabriel; Romero-Rodriguez, Daniel; Unnitha, Viswanath

    2016-04-01

    The primary objective of the present study was to evaluate the agreement between the dominant leg (DL) (determined subjectively) and the stronger leg (SL) (determined via a functional test) in a group of basketball and volleyball players. The secondary objective was to calculate lower limb neuromuscular asymmetry when comparing the DL vs the non-dominant leg (NDL) and the SL vs the weaker (WL) leg in the whole group and when differentiating by sex. Seventy-nine male and female volleyball and basketball players (age: 23.7 ± 4.5 years) performed three single-leg vertical countermovement jumps (SLVCJ) on a contact mat. Vertical jump height and an inter-limb asymmetry index (ASI) were determined. Only 32 (40%) of the subjects had a concordance between the perception of their dominant leg and the limb reaching the highest jump height. Using the DL as the discriminating variable, significant (pjump performance. Vertical jump asymmetry of 10-15% exists and this can be considered as a reference value for male and female basketball and volleyball players.

  3. An examination of neuromuscular and metabolic fatigue thresholds

    International Nuclear Information System (INIS)

    Bergstrom, Haley C; Housh, Terry J; Cochrane, Kristen C; Jenkins, Nathaniel D M; Lewis, Robert W Jr; Traylor, Daniel A; Schmidt, Richard J; Johnson, Glen O; Cramer, Joel T; Zuniga, Jorge M

    2013-01-01

    This study examined the relationships among the physical working capacity at the fatigue threshold (PWC FT ), the power outputs associated with the gas exchange threshold (PGET) and the respiratory compensation point (PRCP), and critical power (CP) to identify possible physiological mechanisms underlying the onset of neuromuscular fatigue. Ten participants (mean ± SD age: 20 ± 1 years) performed a maximal incremental cycle ergometer test to determine the PWC FT , PGET, and PRCP. CP was determined from the 3 min all-out test. The PWC FT (197 ± 55 W), PRCP (212 ± 50 W), and CP (208 ± 63 W) were significantly greater than the PGET (168 ± 40 W), but there were no significant differences among the PWC FT , PRCP, and CP. All thresholds were significantly inter-4 (r = 0.794–0.958). The 17% greater estimates for the PWC FT than PGET were likely related to differences in the physiological mechanisms that underlie these fatigue thresholds, while the non-significant difference and high correlation between the PWC FT and the PRCP suggested that hyperkalemia may underlie both thresholds. Furthermore, it is possible that the 5% lower estimate of the PWC FT than CP could more accurately reflect the demarcation of the heavy from severe exercise intensity domains. (paper)

  4. A family of neuromuscular stimulators with optical transcutaneous control.

    Science.gov (United States)

    Jarvis, J C; Salmons, S

    1991-01-01

    A family of miniature implantable neuromuscular stimulators has been developed using surface-mounted Philips 4000-series integrated circuits. The electronic components are mounted by hand on printed circuits (platinum/gold on alumina) and the electrical connections are made by reflow soldering. The plastic integrated-circuit packages, ceramic resistors and metal interconnections are protected from the body fluids by a coating of biocompatible silicone rubber. This simple technology provides reliable function for at least 4 months under implanted conditions. The circuits have in common a single lithium cell power-supply (3.2 V) and an optical sensor which can be used to detect light flashes through the skin after the device has been implanted. This information channel may be used to switch the output of a device on or off, or to cycle through a series of pre-set programs. The devices are currently finding application in studies which provide an experimental basis for the clinical exploitation of electrically stimulated skeletal muscle in cardiac assistance, sphincter reconstruction or functional electrical stimulation of paralysed limbs.

  5. Pseudoephedrine and circadian rhythm interaction on neuromuscular performance.

    Science.gov (United States)

    Pallarés, J G; López-Samanes, Á; Fernández-Elías, V E; Aguado-Jiménez, R; Ortega, J F; Gómez, C; Ventura, R; Segura, J; Mora-Rodríguez, R

    2015-12-01

    This study analyzed the effects of pseudoephedrine (PSE) provided at different time of day on neuromuscular performance, side effects, and violation of the current doping cut-off threshold [World Anti-Doping Agency (WADA)]. Nine resistance-trained males carried out bench press and full squat exercises against four incremental loads (25%, 50%, 75%, and 90% one repetition maximum [1RM]), in a randomized, double-blind, cross-over design. Participants ingested either 180 mg of PSE (supra-therapeutic dose) or placebo in the morning (7:00 h; AM(PLAC) and AM(PSE)) and in the afternoon (17:00 h; PM(PLAC) and PM(PSE)). PSE enhanced muscle contraction velocity against 25% and 50% 1RM loads, only when it was ingested in the mornings, and only in the full squat exercise (4.4-8.7%; P performance improvements are accompanied by undesirable side effects and an 11% risk of surpassing the doping threshold. © 2015 John Wiley & Sons A/S. Published by John Wiley & Sons Ltd.

  6. Profile of sugammadex for reversal of neuromuscular blockade in the elderly: current perspectives

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carron M

    2017-12-01

    Full Text Available Michele Carron, Francesco Bertoncello, Giovanna Ieppariello Department of Medicine, Anesthesiology, and Intensive Care, University of Padova, Padua, Italy Abstract: The number of elderly patients is increasing worldwide. This will have a significant impact on the practice of anesthesia in future decades. Anesthesiologists must provide care for an increasing number of elderly patients, who have an elevated risk of perioperative morbidity and mortality. Complications related to postoperative residual neuromuscular blockade, such as muscle weakness, airway obstruction, hypoxemia, atelectasis, pneumonia, and acute respiratory failure, are more frequent in older than in younger patients. Therefore, neuromuscular blockade in the elderly should be carefully monitored and completely reversed before awakening patients at the end of anesthesia. Acetylcholinesterase inhibitors are traditionally used for reversal of neuromuscular blockade. Although the risk of residual neuromuscular blockade is reduced by reversal with neostigmine, it continues to complicate the postoperative course. Sugammadex represents an innovative approach to reversal of neuromuscular blockade induced by aminosteroid neuromuscular-blocking agents, particularly rocuronium, with useful applications in clinical practice. However, aging is associated with certain changes in the pharmacokinetics of sugammadex, and to date there has been no thorough evaluation of the use of sugammadex in elderly patients. The aim of this review was to perform an analysis of the use of sugammadex in older adults based on the current literature. Major issues surrounding the physiologic and pharmacologic effects of aging in elderly patients and how these may impact the routine use of sugammadex in elderly patients are discussed. Keywords: sugammadex, aging, elderly, neuromuscular blockade, rocuronium, anesthesia, safety

  7. Characterization of cervical neuromuscular response to head-neck perturbation in active young adults.

    Science.gov (United States)

    Alsalaheen, Bara; Bean, Ryan; Almeida, Andrea; Eckner, James; Lorincz, Matthew

    2018-04-01

    The majority of studies examining the role of cervical muscles on head-neck kinematics focused on musculoskeletal attributes (e.g. strength). Cervical neuromuscular response to perturbation may represent a divergent construct that has not been examined under various perturbation conditions. This study examined the association between cervical musculoskeletal attributes and cervical neuromuscular response of the sternocleidomastoid (SCM) to perturbation. Furthermore, this study examined the effect of anticipation and preload on the SCM neuromuscular response. Nineteen participants completed measurement of SCM muscle size, cervical flexion maximal voluntary isometric contraction, and the neuromuscular response of the SCM to cervical perturbation. Cervical perturbation was delivered by dropping a 1.59 kg mass from a loading apparatus. The impulsive load was delivered under four conditions: (1) Anticipated perturbation with no preload (A-NP), (2) Unanticipated perturbation with no preload (U-NP), (3) Anticipated perturbation with preload (A-P), and (4) Unanticipated perturbation with preload (U-P). None of the cervical musculoskeletal attributes were correlated with the SCM cervical neuromuscular response. This study demonstrated significant effect of preloading and anticipation on baseline EMG amplitude and EMG onset latency for the SCM. Furthermore, there was a significant effect of preloading on average EMG response amplitude for the SCM. The findings of this study indicate that cervical neuromuscular response of the SCM is different from musculoskeletal attributes and is influenced by perturbation conditions. These findings provide conceptual support to examine the neuromuscular response of the SCM in mitigating head-neck kinematics. Copyright © 2018 Elsevier Ltd. All rights reserved.

  8. Terraplenes sobre suelos colapsables

    OpenAIRE

    Arnedo Gaute, Diego

    2004-01-01

    Esta tesina está motivada por el diseño y construcción del Canal Segarra-Garrigues. El trazado del canal atraviesa varios pequeños valles de fondo llano mediante terraplenes sobre los cuales circula el canal. En estas vaguadas se encuentran suelos limo-arcillosos de baja densidad cuya potencia puede llegar a ser de varios metros. Estos materiales, debido a su estructura abierta, son potencialmente colapsables una vez cargados si experimentan incrementos de humedad. Las deformacion...

  9. DISCUTINDO SOBRE SEXTING

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Suzana da Conceição de Barros

    2013-07-01

    Full Text Available Na contemporaneidade, os sujeitos vêm se utilizando das diversas tecnologias digitais, para exporem e compartilharem sua intimidade, com intuito de seduzirem e tornarem-se visíveis. Esse fenômeno vem sendo chamado de sexting, e vem sendo aderido por sujeitos de várias faixas etárias. Assim, leitor/a, convido você a pensar sobre o sexting e o que a escola tem a ver com essa prática?

  10. Excertos sobre o sedentarismo

    OpenAIRE

    Palma,Alexandre; Vilaça,Murilo Mariano; Assis,Monique Ribeiro de

    2014-01-01

    O sedentarismo tem sido tratado como algo perfeitamente determinável, objetivo e, portanto, que pode ser apreendido. Por outro lado, o conceito de sedentarismo ainda permanece questionável e, por conseguinte, os instrumentos mostram-se inconsistentes. Neste sentido, o objetivo do presente estudo foi mostrar que diferentes discursos de verdade vêm concorrendo por esse conceito, o que nos motiva a pensar qual é a verdade ou, até mesmo, se há alguma verdade sobre ele. Após apresentarmos diferent...

  11. Pilates and Proprioceptive Neuromuscular Facilitation Methods Induce Similar Strength Gains but Different Neuromuscular Adaptations in Elderly Women.

    Science.gov (United States)

    Teixeira de Carvalho, Fabiana; de Andrade Mesquita, Laiana Sepúlveda; Pereira, Rafael; Neto, Osmar Pinto; Amaro Zangaro, Renato

    2017-01-01

    Background/Study Context: The aging process is associated with a decline in muscle mass, strength, and conditioning. Two training methods that may be useful to improve muscle function are Pilates and proprioceptive neuromuscular facilitation (PNF). Thus, the present study aimed to compare the influence of training programs using Pilates and PNF methods with elderly women. Sixty healthy elderly women were randomly divided into three groups: Pilates group, PNF group, and control group. Pilates and PNF groups underwent 1-month training programs with Pilates and PNF methods, respectively. The control group received no intervention during the 1 month. The maximal isometric force levels from knee extension and flexion, as well as the electromyography (EMG) signals from quadriceps and biceps femoris, were recorded before and after the 1-month intervention period. A two-way analysis of variance revealed that the Pilates and PNF methods induced similar strength gains from knee flexors and extensors, but Pilates exhibited greater low-gamma drive (i.e., oscillations in 30-60 Hz) in the EMG power spectrum after the training period. These results support use of both Pilates and PNF methods to enhance lower limb muscle strength in older groups, which is very important for gait, postural stability, and performance of daily life activities.

  12. Treinamento esfincteriano anal: estudo transversal em crianças de 3 a 6 anos de idade Bowel toilet training: a cross-sectional study in children between 3 and 6 years old

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Eduardo G. B. de Miranda

    2011-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o treinamento do controle esfincteriano anal em crianças, por meio de entrevista aplicada aos pais ou cuidadores. MÉTODOS: Estudo de corte transversal em crianças sadias, aplicando-se um questionário estruturado para 100 responsáveis por crianças entre três e seis anos de idade. RESULTADOS: 97% das crianças foram treinadas em casa pelas mães e 92% delas utilizaram a intuição, a experiência com o filho anterior e o aprendizado com as avós. O treinamento do controle esfincteriano anal e vesical foi iniciado simultaneamente em 84% dos casos, sendo o controle anal adquirido primeiramente em 41% das crianças. As mães com escolaridade menor e das classes C-D-E iniciaram o treinamento mais precocemente, sendo um dos fatores relatados o custo das fraldas. Não houve diferença entre meninos e meninas para idade de início e duração do treinamento. As crianças apresentavam a maioria dos "sinais de prontidão" para o início do treinamento e, das crianças que foram treinadas no vaso sanitário, uma pequena parcela utilizou redutor e apoio para os pés. Não houve aumento significativo de constipação intestinal após o treinamento e não foram observados casos de encoprese. CONCLUSÕES: As mães foram as responsáveis pelo treinamento esfincteriano anal e o iniciaram sem auxílio especializado. Nas classes sociais C-D-E, o custo das fraldas foi determinante para o início do treinamento esfincteriano anal.OBJECTIVE: To assess the practice of children's toilet training through interviews with parents and caretakers. METHODS: A cross-sectional study of healthy children using a questionnaire applied to parents or caretakers of 100 consecutive children aged 3 to 6 years old. RESULTS: 97% of the children were home-trained by their mothers and 92% of them used their intuition, previous experience with an older child and grandmothers' experience. Bowel and bladder toilet training started simultaneously in 84% of the cases

  13. A efetividade do treinamento auditivo formal em idosos usuários de próteses auditivas no período de aclimatização Formal auditory training efficiency in elderly during the acclimatization period

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elisiane de Crestani Miranda

    2007-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a efetividade de um programa de treinamento auditivo formal em idosos usuários de próteses auditivas intraaurais no período de aclimatização. MÉTODOS: A amostra foi composta por 18 idosos (idade média: 71, 38 anos, de ambos os sexos, adaptados há uma semana com próteses auditivas intra-aurais binaurais. Os participantes foram randomizados em dois grupos: Grupo Experimental (submetidos ao treinamento auditivo e Grupo Controle (não submetidos ao treinamento auditivo. O Grupo Experimental participou de sete sessões de treinamento auditivo em cabina acústica, uma sessão por semana, com duração de 50 minutos cada. Os procedimentos de avaliação incluíram testes de reconhecimento de fala e questionário de auto-avaliação do handicap auditivo. Estes foram aplicados em duas oportunidades, antes (1ª avaliação e depois (2ª avaliação do treinamento auditivo no Grupo Experimental e na avaliação inicial e final do estudo no Grupo Controle. RESULTADOS: No Grupo Experimental, o Índice de Reconhecimento de Fala e Fala com Ruído Branco foram significantemente melhores após o treinamento auditivo (2ª avaliação. Já o estudo das relações sinal/ruído no teste de reconhecimento de sentenças no ruído revelou uma tendência (p-valor próximo a 0,05 de melhora na avaliação pós-treinamento. Observou-se nos idosos do Grupo Experimental que os resultados obtidos na 2ª avaliação não foram significantemente melhores aos obtidos no Grupo Controle em todos os testes. CONCLUSÃO: Pode-se concluir que um programa de reabilitação aural, incluindo treinamento auditivo formal beneficia os idosos no período de adaptação das próteses auditivas, bem como modifica o comportamento auditivo destes indivíduos.PURPOSE: To investigate the efficiency of a formal auditory training program in hearing aid wearers during the acclimatization period. METHODS: Eighteen subjects (mean age of 71.38 years old, male and female

  14. Esteróide anabolizante inibe a angiogênese induzida pelo treinamento físico de natação em músculo sóleo de ratos normotensos Anabolic steroid impairs the angiogenesis induced by swimming training in soleus muscle of normotensive rats

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ursula Paula Reno Soci

    2009-09-01

    Full Text Available Os esteróides anabolizantes androgênicos (EAA são sintéticos de testosterona desenvolvidos para fins terapêuticos. São também utilizados por populações fisicamente ativas, que normalmente excedem nas doses, o que potencializa danos à saúde. Para estudar alguns dos efeitos de EAA sobre o sistema cardiovascular, ratos "Wistar" foram divididos em quatro grupos: sedentário controle (SC, sedentário anabolizado (SA, treinado controle (TC e treinado anabolizado (TA. Foram avaliados os efeitos da associação do uso de EAA (Decanoato de nandrolona - 5 mg/kg sc, 2x/sem e do treinamento físico de natação (TFN - 60 min/dia, 5x/sem, durante 10 sem sobre o débito cardíaco (DC e fluxo sanguíneo basal (DCbasal, Qbasal e após infusão do vasodilatador acetilcolina (DC Ach, Q Ach para observar a vasodilatação endotélio dependente (QAch, razão capilar/fibra (rc/f e expressão do fator de crescimento endotelial vascular (VEGF em músculo sóleo (predominância de fibras oxidativas. A testosterona plasmática aumentou nos grupos com uso de EAA e foi observada bradicardia de repouso como efeito do TFN. O DC foi menor para o Grupo TA, tanto na condição basal quanto sob infusão de Ach. O Qbasal não foi diferente entre os grupos no músculo estudado. O QAch foi maior no grupo TC, entretanto, no grupo TA este efeito benéfico do TFN foi prejudicado pela associação com o EAA. Aumento da rc/f e VEGF foi observado somente no grupo TC. Estes resultados sugerem que a associação do EAA ao TFN atenua a angiogênese e arteriogênese observadas como efeito do treinamento físico aeróbio e causa prejuízo ao fluxo sanguíneo muscular, o que poderia predispor o praticante de esportes e atividades físicas e usuário destas substâncias a problemas vasculares.Androgenic anabolic steroids (EAA are synthetic derivatives of testosterone, used in therapeutic dosages in medical practice and in high doses by physically active people that could be health

  15. Redução da pressão arterial e do duplo produto de repouso após treinamento resistido em idosas hipertensas Reduction of arterial pressure and double product at rest after resistance exercise training in elderly hypertensive women

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Denize Faria Terra

    2008-11-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Em razão das controvérsias existentes na literatura quanto aos possíveis benefícios do treinamento resistido (TR sobre a pressão arterial de repouso (PA e por causa da escassez de estudos com indivíduos idosos e hipertensos, o TR é pouco recomendado como forma de tratamento não-farmacológico da hipertensão arterial. OBJETIVO: Verificar os efeitos do TR progressivo sobre a pressão arterial de repouso (PA, a freqüência cardíaca (FC e o duplo produto (DP em idosas hipertensas controladas. MÉTODOS: Vinte mulheres idosas (66,8 ± 5,6 anos de idade sedentárias, controladas com medicação anti-hipertensiva, realizaram 12 semanas de TR, compondo o grupo do treinamento resistido (GTR. Vinte e seis idosas (65,3 ± 3,4 anos de idade hipertensas controladas não realizaram exercícios físicos durante a pesquisa, constituindo o grupo-controle. RESULTADOS: Houve redução significativa nos valores de repouso da pressão arterial sistólica (PAS, da pressão arterial média (PAM e do DP após o TR. Não foram encontradas reduções significativas na pressão arterial diastólica (PAD e na FC de repouso após o TR em ambos os grupos. A magnitude da queda no GTR foi de 10,5 mmHg, 6,2 mmHg e 2.218,6 mmHg x bpm para a PAS, PAM e o DP, respectivamente. CONCLUSÃO: O TR progressivo reduziu a PAS, PAM e o DP de repouso de idosas hipertensas, controladas com medicação anti-hipertensiva.BACKGROUND: Due to the existing controversies in literature about the potential benefits of resistance exercise training (RT on arterial blood pressure (BP at rest, and the lack of studies conducted with elderly hypertensive individuals, RT is seldom recommended as a non-pharmacological treatment for arterial hypertension. OBJECTIVE: To verify the effect of progressive RT on BP, HR, and RPP in elderly women with controlled hypertension. METHODS: 20 elderly women (66.8 ± 5.6 years of age, with a sedentary lifestyle, monitored with anti

  16. Enfermeiro instrutor no processo de treinamento admissional do enfermeiro em unidade de terapia intensiva Enfermero instructor en el proceso de entrenamiento de admisión del enfermero en una unidad de Cuidados Intensivos Nurse instructor in the process of admission training of nurses in the intensive care unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sarah Marília Bucchi

    2011-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Definir e analisar o perfil do enfermeiro-instrutor do treinamento admissional de enfermeiro de Unidade de Terapia Intensiva. MÉTODOS: O estudo desenvolveu-se na perspectiva da pesquisa-ação, adotando-se a técnica de grupo focal e a interlocução por via eletrônica, para coleta de dados. Assim, contou-se com a participação de 29 enfermeiros, sendo 11 nas sessões de grupo focal e 18 na interlocução eletrônica. RESULTADOS: Dentre as competências do instrutor, definidas pelo grupo, destacaram-se o conhecimento técnico-científico atualizado, postura ética e habilidade para ensinar e ao instrutor foi atribuído papel fundamental no processo de treinamento admissional. CONCLUSÕES: A pesquisa promoveu reflexão no grupo e nas pesquisadoras sobre os aspectos intervenientes no processo educativo e a respeito da identidade do grupo caracterizada pelo papel assistencial e pela autonomia de ação, sendo papel do instrutor transmitir esses valores aos ingressantes.OBJETIVO: Definir y analizar el perfil del enfermero-instructor del entrenamiento de admisión del enfermero a la Unidad de Cuidados Intensivos. MÉTODOS: El estudio se desarrolló en la perspectiva de la investigación-acción, adoptándose la técnica del grupo focal y la interlocución por vía electrónica, para la recolección de los datos. Así, se contó con la participación de 29 enfermeros, siendo 11 en las sesiones de grupo focal y 18 en la interlocución electrónica. RESULTADOS: Entre las competencias del instructor, definidas por el grupo, se destacaron el conocimiento técnico-científico actualizado, postura ética y habilidad para enseñar, atribuyéndosele el papel fundamental en el proceso de entrenamiento de admisión. CONCLUSIONES: La investigación promovió la reflexión en el grupo y en las investigadoras sobre los aspectos intervinientes en el proceso educativo y respecto a la identidad del grupo caracterizada por el papel asistencial y la

  17. Sobre historia mundial hoy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vera Weiler

    2001-01-01

    Full Text Available Los procesos de globalización son una realidad; su enorme impacto sobre la vida humana los ha convertido en un tema recurrente sobre el que se escribe y se comenta a diario también en Colombia. Los libros que de ellos tratan, ante todo los que 10 hacen en tono crítico, baten records en la industria editorial en todo el mundo. Las expectativas que acerca del futuro abrigan cientos de millones de personas se relacionan con 10 que ellas esperan, para bien o para mal, de la globalización. Las posturas que los gobernantes ocupan al respecto en el mundo son, cuando menos de aceptación, generalmente de activa participación en pos de la globalización. Por un lado, crece la preocupación y se multiplican las protestas; por el otro, dominan los razonamientos de los especialistas en materia de maximización de los rendimientos de los capitales que presentan la globalización, al estilo que se viene imponiendo, como el camino ineludible del gobierno universal de la eficiencia. ¿Tienen que decir algo los historiadores frente a todo esto?.

  18. Comparação entre diferentes modelos de periodização sobre a força e espessura muscular em uma sequência dos menores para os maiores grupamentos musculares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliano Spineti

    2013-08-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Estudos comparando modelos de periodização em sequências de treinamento resistido (TR realizadas do menor para o maior grupo muscular sobre as alterações musculares em indivíduos destreinados em TR são escassos. OBJETIVO: Comparar o efeito da periodização ondulatória (PO e da periodização linear (PL sobre a força máxima e hipertrofia muscular em uma sequência de execução dos exercícios dos menores para os maiores grupamentos musculares. MÉTODOS: Vinte e nove homens não experientes em (TR foram distribuídos aleatoriamente em três grupos: PO (n =10, PL (n = 13 e grupo controle (GC, n = 9. Os indivíduos realizaram o teste de uma repetição máxima (1RM nos exercícios rosca bíceps (RB, rosca tríceps (RT, puxada aberta (PA e supino reto (SR, contração isométrica voluntária máxima (CIVM e espessura muscular (EM para flexores de cotovelo (FC e extensores de cotovelo (EC antes e após o período de 12 semanas de treinamento. O grupo PO variou o volume e a intensidade do treinamento diariamente, e o grupo PL a cada quatro semanas. O GC não realizou TR. Foi realizada uma ANOVA de dois caminhos com medidas repetidas, e cálculo do tamanho do efeito (TE, nas cargas obtidas para analisar o efeito do tratamento sobre as variações pré- e pós-período de TR. RESULTADOS: Os principais achados do estudo foram: 1 o grupo PO apresentou maior TE para 1RM dos exercícios RT e RB e para EM dos FC e EC quando comparado ao grupo PL; 2 não houve diferença no TE para os exercícios SR e PA que finalizavam a sessão. CONCLUSÃO: Ambos os modelos de periodização adotados foram eficientes para promover aumentos de força e hipertrofia muscular. Contudo, segundo o cálculo do TE, a PO promoveu maior incremento da força máxima nos exercícios que iniciaram a sessão e hipertrofia muscular.

  19. Time course and dimensions of postural control changes following neuromuscular training in youth field hockey athletes.

    Science.gov (United States)

    Zech, Astrid; Klahn, Philipp; Hoeft, Jon; zu Eulenburg, Christine; Steib, Simon

    2014-02-01

    Injury prevention effects of neuromuscular training have been partly attributed to postural control adaptations. Uncertainty exists regarding the magnitude of these adaptations and on how they can be adequately monitored. The objective was to determine the time course of neuromuscular training effects on functional, dynamic and static balance measures. Thirty youth (14.9 ± 3 years) field hockey athletes were randomised to an intervention or control group. The intervention included a 20-min neuromuscular warm-up program performed twice weekly for 10 weeks. Balance assessments were performed at baseline, week three, week six and post-intervention. They included the star excursion balance test (SEBT), balance error scoring system (BESS), jump-landing time to stabilization (TTS) and center of pressure (COP) sway velocity during single-leg standing. No baseline differences were found between groups in demographic data and balance measures. Adherence was at 86%. All balance measures except the medial-lateral TTS improved significantly over time (p controls (31.8 ± 22.1%). There were no significant group by time interactions in the SEBT, TTS and COP sway velocity. Neuromuscular training was effective in improving postural control in youth team athletes. However, this effect was not reflected in all balance measures suggesting that the neuromuscular training did not influence all dimensions of postural control. Further studies are needed to confirm the potential of specific warm-up programs to improve postural control.

  20. Effects of sugammadex on incidence of postoperative residual neuromuscular blockade: a randomized, controlled study.

    Science.gov (United States)

    Brueckmann, B; Sasaki, N; Grobara, P; Li, M K; Woo, T; de Bie, J; Maktabi, M; Lee, J; Kwo, J; Pino, R; Sabouri, A S; McGovern, F; Staehr-Rye, A K; Eikermann, M

    2015-11-01

    This study aimed to investigate whether reversal of rocuronium-induced neuromuscular blockade with sugammadex reduced the incidence of residual blockade and facilitated operating room discharge readiness. Adult patients undergoing abdominal surgery received rocuronium, followed by randomized allocation to sugammadex (2 or 4 mg kg(-1)) or usual care (neostigmine/glycopyrrolate, dosing per usual care practice) for reversal of neuromuscular blockade. Timing of reversal agent administration was based on the providers' clinical judgement. Primary endpoint was the presence of residual neuromuscular blockade at PACU admission, defined as a train-of-four (TOF) ratio sugammadex patients and 33 out of 76 (43.4%) usual care patients had TOF-Watch SX-assessed residual neuromuscular blockade at PACU admission (odds ratio 0.0, 95% CI [0-0.06], Psugammadex vs usual care (14.7 vs. 18.6 min respectively; P=0.02). After abdominal surgery, sugammadex reversal eliminated residual neuromuscular blockade in the PACU, and shortened the time from start of study medication administration to the time the patient was ready for discharge from the operating room. Clinicaltrials.gov:NCT01479764. © The Author 2015. Published by Oxford University Press on behalf of the British Journal of Anaesthesia. All rights reserved. For Permissions, please email: journals.permissions@oup.com.

  1. Neuromuscular disease and respiratory physiology in children: putting lung function into perspective.

    Science.gov (United States)

    Fauroux, Brigitte; Khirani, Sonia

    2014-08-01

    Neuromuscular diseases represent a heterogeneous group of disorders of the muscle, nerve or neuromuscular junction. The respiratory muscles are rarely spared in neuromuscular diseases even if the type of muscle involvement, severity and time course greatly varies among the different diseases. Diagnosis of respiratory muscle weakness is crucial because of the importance of respiratory morbidity and mortality. Presently, routine respiratory evaluation is based on non-invasive volitional tests, such as the measurement of lung volumes, spirometry and the maximal static pressures, which may be difficult or impossible to obtain in some young children. Other tools or parameters are thus needed to assess the respiratory muscle weakness and its consequences in young children. The measurement of oesogastric pressures can be helpful as they allow the diagnosis and quantification of paradoxical breathing, as well as the assessment of the strength of the inspiratory and expiratory muscles by means of the oesophageal pressure during a maximal sniff and of the gastric pressure during a maximal cough. Sleep assessment should also be part of the respiratory evaluation of children with neuromuscular disease with at least the recording of nocturnal gas exchange if polysomnography is not possible or unavailable. This improvement in the assessment of respiratory muscle performance may increase our understanding of the respiratory pathophysiology of the different neuromuscular diseases, improve patient care, and guide research and innovative therapies by identifying and validating respiratory parameters. © 2014 Asian Pacific Society of Respirology.

  2. A Dutch guideline for the treatment of scoliosis in neuromuscular disorders

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Titarsolej PJ

    2008-09-01

    Full Text Available Abstract Background Children with neuromuscular disorders with a progressive muscle weakness such as Duchenne Muscular Dystrophy and Spinal Muscular Atrophy frequently develop a progressive scoliosis. A severe scoliosis compromises respiratory function and makes sitting more difficult. Spinal surgery is considered the primary treatment option for correcting severe scoliosis in neuromuscular disorders. Surgery in this population requires a multidisciplinary approach, careful planning, dedicated surgical procedures, and specialized after care. Methods The guideline is based on scientific evidence and expert opinions. A multidisciplinary working group representing experts from all relevant specialties performed the research. A literature search was conducted to collect scientific evidence in answer to specific questions posed by the working group. Literature was classified according to the level of evidence. Results For most aspects of the treatment scientific evidence is scarce and only low level cohort studies were found. Nevertheless, a high degree of consensus was reached about the management of patients with scoliosis in neuromuscular disorders. This was translated into a set of recommendations, which are now officially accepted as a general guideline in the Netherlands. Conclusion In order to optimize the treatment for scoliosis in neuromuscular disorders a Dutch guideline has been composed. This evidence-based, multidisciplinary guideline addresses conservative treatment, the preoperative, perioperative, and postoperative care of scoliosis in neuromuscular disorders.

  3. Análise dos sintomas de overtraining durante os períodos de treinamento e recuperação: estudo de caso de uma equipe feminina da Superliga de Voleibol 2003/2004

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Franco Noce

    2011-12-01

    Full Text Available O overtraining é um sintoma de instabilidade psicofisiológico prejudicial à saúde física e mental dos atletas que ocorre devido ao desequilíbrio entre o estresse (carga de treinamento e os períodos de recuperação (descanso das atividades esportivas - folga. O objetivo deste estudo foi monitorar os níveis de estresse e recuperação de uma equipe feminina de voleibol de alto rendimento durante uma competição nacional. Foram avaliadas 16 atletas (23,63 ± 6,40 anos através do Questionário de Estresse e Recuperação (RESTQ-Sport-76, durante dois períodos distintos da periodização denominados de treinamento e folga. Em relação às duas dimensões de estresse, geral (escalas de 1 a 7 e no esporte (escalas de 13 a 15, foram encontradas diferenças significativas (p < 0,05 nas duas dimensões, quando comparados os períodos de treinamento e folga. Das nove escalas que avaliam a recuperação geral e a recuperação no esporte, em cinco delas (números 9, 10, 11, 12 e 16 foram encontradas diferenças significativas (p < 0,05. E em quatro escalas (números 8, 13, 14 e 15 as atletas continuavam a demonstrar uma baixa recuperação. Conclui-se, dessa forma, que todos os indicadores de estresse se elevaram no período de treinamento, e que alguns marcadores de recuperação, como sucesso, aceitação pessoal, autoeficácia e autorregulação apontaram baixos níveis de recuperação nesta equipe durante a temporada.

  4. Computed tomography of the skeletal muscles in neuromuscular diseases

    International Nuclear Information System (INIS)

    Nagao, Hideo; Takahashi, Mitsugi; Habara, Shinji; Nagai, Yoshinao; Matsuda, Hiroshi

    1986-01-01

    Computed tomographic (CT) scans of the shoulder girdle, upper arm, waist, pelvic girdle, thigh, and lower leg were obtained in a total of 21 patients with neuromuscular diseases, including 10 with Duchenne muscle dystrophy (DMD), 3 with Fukushima type congenital muscular dystrophy (FCMD), 3 with Werdnig-Hoffmann's disease (WH), 3 with autosomal recessive muscular dystrophy in childhood (childhood MC), one with nemaline myopathy (NM), and one with myositis ossificans circumscripta (MOC). Age-dependent changes in CT findings were examined in the 10 DMD patients ranging in age from 3 to 15 years. Each muscle of the shoulder girdle and upper arm was seen as a low density area on CT in patients 9 years of age when the arms are difficult to elevate. Changes in the m. quadriceps femoris occurring in all the patients were visible earlist on CT, followed by those in the m. gluteus maximus, m. gastrocnemius, and m. soleus. CT scans of the thigh was thus considered most useful in diagnosing DMD. CT scans of the lower leg showed low density areas in the m. gastrocnemius and m. soleus in both WH and FCMD patients, while a low density area seen in the m. gluteus maximum on CT was restricted to FCMD patients. This suggests the potential of CT in the differentiation of WH from FCMD. In patients with childhood ARMD, there were various CT findings including normal and extremely low density areas. CT findings in NM patients were similar to those in DMD patients. High density areas were seen along the fascia of the trunk in MOC patients. (Namekawa, K.)

  5. Sensory threshold neuromuscular electrical stimulation fosters motor imagery performance.

    Science.gov (United States)

    Corbet, Tiffany; Iturrate, Iñaki; Pereira, Michael; Perdikis, Serafeim; Millán, José Del R

    2018-04-21

    Motor imagery (MI) has been largely studied as a way to enhance motor learning and to restore motor functions. Although it is agreed that users should emphasize kinesthetic imagery during MI, recordings of MI brain patterns are not sufficiently reliable for many subjects. It has been suggested that the usage of somatosensory feedback would be more suitable than standardly used visual feedback to enhance MI brain patterns. However, somatosensory feed-back should not interfere with the recorded MI brain pattern. In this study we propose a novel feedback modality to guide subjects during MI based on sensory threshold neuromuscular electrical stimulation (St-NMES). St-NMES depolarizes sensory and motor axons without eliciting any muscular contraction. We hypothesize that St-NMES does not induce detectable ERD brain patterns and fosters MI performance. Twelve novice subjects were included in a cross-over design study. We recorded their EEG, comparing St-NMES with visual feed-back during MI or resting tasks. We found that St-NMES not only induced significantly larger desynchronization over sensorimotor areas (p<0.05) but also significantly enhanced MI brain connectivity patterns. Moreover, classification accuracy and stability were significantly higher with St-NMES. Importantly, St-NMES alone did not induce detectable artifacts, but rather the changes in the detected patterns were due to an increased MI performance. Our findings indicate that St-NMES is a promising feedback in order to foster MI performance and cold be used for BMI online applications. Copyright © 2018. Published by Elsevier Inc.

  6. Lower Limb Neuromuscular Asymmetry in Volleyball and Basketball Players

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fort-Vanmeerhaeghe Azahara

    2016-04-01

    Full Text Available The primary objective of the present study was to evaluate the agreement between the dominant leg (DL (determined subjectively and the stronger leg (SL (determined via a functional test in a group of basketball and volleyball players. The secondary objective was to calculate lower limb neuromuscular asymmetry when comparing the DL vs the non-dominant leg (NDL and the SL vs the weaker (WL leg in the whole group and when differentiating by sex. Seventy-nine male and female volleyball and basketball players (age: 23.7 ± 4.5 years performed three single-leg vertical countermovement jumps (SLVCJ on a contact mat. Vertical jump height and an inter-limb asymmetry index (ASI were determined. Only 32 (40% of the subjects had a concordance between the perception of their dominant leg and the limb reaching the highest jump height. Using the DL as the discriminating variable, significant (p<0.05 inter-limb differences were found in the total group of players. When comparing between sexes, significant differences (p<0.05 arose in the female group only. With regard to the WL vs. the SL, significant (p<0.05 differences were noted in the whole group and when stratified into males and females. The mean ASI ranged from 9.31% (males to 12.84% (females and from 10.49% (males to 14.26% (females, when comparing the DL vs. the NDL and the SL vs. the WL, respectively. Subjective expression of leg dominance cannot be used as a predictor of limb jump performance. Vertical jump asymmetry of 10-15% exists and this can be considered as a reference value for male and female basketball and volleyball players.

  7. High-Frequency Neuromuscular Electrical Stimulation Increases Anabolic Signaling.

    Science.gov (United States)

    Mettler, Joni A; Magee, Dillon M; Doucet, Barbara M

    2018-03-16

    Neuromuscular electrical stimulation (NMES) is commonly used in rehabilitation settings to increase muscle mass and strength. However, the effects of NMES on muscle growth are not clear and no human studies have compared anabolic signaling between low-frequency (LF-) and high-frequency (HF-) NMES. The purpose of this study was to determine the skeletal muscle anabolic signaling response to an acute bout of LF- and HF-NMES. Eleven young healthy volunteers (6 men; 5 women) received an acute bout of LF- (20 Hz) and HF- (60 Hz) NMES. Muscle biopsies were obtained from the vastus lateralis muscle prior to the first NMES treatment and 30-mins following each NMES treatment. Phosphorylation of the following key anabolic signaling proteins was measured by Western blot and proteins are expressed as a ratio of phosphorylated to total: mammalian target of rapamycin (mTOR), p70-S6 kinase 1 (S6K1), and eukaryotic initiation factor 4E binding protein 1 (4E-BP1). Compared to Pre-NMES, phosphorylation of mTOR was upregulated 40.2% for LF-NMES (P = 0.018) and 68.4% for HF-NMES (P 0.05). There were no differences between treatment conditions for 4E-BP1 phosphorylation (P > 0.05). An acute bout of LF- and HF-NMES upregulated anabolic signaling with HF-NMES producing a greater anabolic response compared to LF-NMES, suggesting that HF-stimulation may provide a stronger stimulus for processes that initiate muscle hypertrophy. Additionally, the stimulation frequency parameter should be considered by clinicians in the design of optimal NMES treatment protocols.

  8. Development of a neuromuscular electrical stimulation protocol for sprint training.

    Science.gov (United States)

    Russ, David W; Clark, Brian C; Krause, Jodi; Hagerman, Fredrick C

    2012-09-01

    Sprint training is associated with several beneficial adaptations in skeletal muscle, including an enhancement of sarcoplasmic reticulum (SR) Ca(2+) release. Unfortunately, several patient populations (e.g., the elderly, those with cardiac dysfunction) that might derive great benefit from sprint exercise are unlikely to tolerate it. The purpose of this report was to describe the development of a tolerable neuromuscular electrical stimulation (NMES) protocol that induces skeletal muscle adaptations similar to those observed with sprint training. Our NMES protocol was modeled after a published sprint exercise protocol and used a novel electrode configuration and stimulation sequence to provide adequate training stimulus while maintaining subject tolerance. Nine young, healthy subjects (four men) began and completed the training protocol of the knee extensor muscles. All subjects completed the protocol, with ratings of discomfort far less than those reported in studies of traditional NMES. Training induced significant increases in SR Ca(2+) release and citrate synthase activity (~16% and 32%, respectively), but SR Ca(2+) uptake did not change. The percentage of myosin heavy chain IIx isoform was decreased significantly after training. At the whole muscle level, neither central activation nor maximum voluntary isometric contraction force were significantly altered, although isometric force did exhibit a trend toward an increase (~3%, P = 0.055). Surprisingly, the NMES training produced a significant increase in muscle cross-sectional area (~3%, P = 0.04). It seems that an appropriately designed NMES protocol can mimic many of the benefits of sprint exercise training, with a low overall time commitment and training volume. These findings suggest that NMES has the potential to bring the benefits of sprint exercise to individuals who are unable to tolerate traditional sprint training.

  9. Neuromuscular consequences of an extreme mountain ultra-marathon.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guillaume Y Millet

    Full Text Available We investigated the physiological consequences of one of the most extreme exercises realized by humans in race conditions: a 166-km mountain ultra-marathon (MUM with 9500 m of positive and negative elevation change. For this purpose, (i the fatigue induced by the MUM and (ii the recovery processes over two weeks were assessed. Evaluation of neuromuscular function (NMF and blood markers of muscle damage and inflammation were performed before and immediately following (n = 22, and 2, 5, 9 and 16 days after the MUM (n = 11 in experienced ultra-marathon runners. Large maximal voluntary contraction decreases occurred after MUM (-35% [95% CI: -28 to -42%] and -39% [95% CI: -32 to -46%] for KE and PF, respectively, with alteration of maximal voluntary activation, mainly for KE (-19% [95% CI: -7 to -32%]. Significant modifications in markers of muscle damage and inflammation were observed after the MUM as suggested by the large changes in creatine kinase (from 144 ± 94 to 13,633 ± 12,626 UI L(-1, myoglobin (from 32 ± 22 to 1,432 ± 1,209 µg L(-1, and C-Reactive Protein (from <2.0 to 37.7 ± 26.5 mg L(-1. Moderate to large reductions in maximal compound muscle action potential amplitude, high-frequency doublet force, and low frequency fatigue (index of excitation-contraction coupling alteration were also observed for both muscle groups. Sixteen days after MUM, NMF had returned to initial values, with most of the recovery process occurring within 9 days of the race. These findings suggest that the large alterations in NMF after an ultra-marathon race are multi-factorial, including failure of excitation-contraction coupling, which has never been described after prolonged running. It is also concluded that as early as two weeks after such an extreme running exercise, maximal force capacities have returned to baseline.

  10. Reversal of rocuronium-induced (1.2 mg/kg) profound neuromuscular block by sugammadex: a multicenter, dose-finding and safety study.

    NARCIS (Netherlands)

    Boer, H.D. de; Driessen, J.J.; Marcus, M.A.; Kerkkamp, H.E.M.; Heeringa, M.; Klimek, M.

    2007-01-01

    BACKGROUND: Reversal of rocuronium-induced neuromuscular blockade can be accomplished by chemical encapsulation of rocuronium by sugammadex, a modified gamma-cyclodextrin derivative. This study investigated the efficacy and safety of sugammadex in reversing rocuronium-induced profound neuromuscular

  11. Neuromuscular blocking and cardiovascular effects of Org 9487, a new short-acting aminosteroidal blocking agent, in anaesthetized animals and in isolated muscle preparations

    NARCIS (Netherlands)

    Muir, A.W.; Sleigh, T.; Marshall, R.J.; Pow, E.; Anderson, K.; Booij, L.H.D.J.; Hill, D.R.

    1998-01-01

    This study was undertaken to investigate the neuromuscular blocking profile and cardiovascular effects of Org 9487, a new aminosteroidal, non-depolarizing, neuromuscular blocking agent structurally related to vecuronium, in anaesthetized animals and in isolated muscle preparations. In in vitro

  12. Neuroleptics as therapeutic compounds stabilizing neuromuscular transmission in amyotrophic lateral sclerosis.

    Science.gov (United States)

    Patten, Shunmoogum A; Aggad, Dina; Martinez, Jose; Tremblay, Elsa; Petrillo, Janet; Armstrong, Gary Ab; La Fontaine, Alexandre; Maios, Claudia; Liao, Meijiang; Ciura, Sorana; Wen, Xiao-Yan; Rafuse, Victor; Ichida, Justin; Zinman, Lorne; Julien, Jean-Pierre; Kabashi, Edor; Robitaille, Richard; Korngut, Lawrence; Parker, J Alexander; Drapeau, Pierre

    2017-11-16

    Amyotrophic lateral sclerosis (ALS) is a rapidly progressing, fatal disorder with no effective treatment. We used simple genetic models of ALS to screen phenotypically for potential therapeutic compounds. We screened libraries of compounds in C. elegans, validated hits in zebrafish, and tested the most potent molecule in mice and in a small clinical trial. We identified a class of neuroleptics that restored motility in C. elegans and in zebrafish, and the most potent was pimozide, which blocked T-type Ca2+ channels in these simple models and stabilized neuromuscular transmission in zebrafish and enhanced it in mice. Finally, a short randomized controlled trial of sporadic ALS subjects demonstrated stabilization of motility and evidence of target engagement at the neuromuscular junction. Simple genetic models are, thus, useful in identifying promising compounds for the treatment of ALS, such as neuroleptics, which may stabilize neuromuscular transmission and prolong survival in this disease.

  13. Postoperative effects of neuromuscular exercise prior to hip or knee arthroplasty

    DEFF Research Database (Denmark)

    Villadsen, Allan; Overgaard, Søren; Holsgaard-Larsen, Anders

    2014-01-01

    neuromuscular exercise prior to total joint arthroplasty (TJA) of the hip or knee did not confer additional benefits 3 months postoperatively compared with TJA alone. However, the intervention group experienced a statistically significant short-term benefit in ADL and pain, suggesting an earlier onset......OBJECTIVE: To investigate the postoperative efficacy of a supervised programme of neuromuscular exercise prior to hip or knee arthroplasty. METHODS: In this assessor-blinded randomised controlled trial, we included 165 patients scheduled for hip or knee arthroplasty due to severe osteoarthritis (OA......). An 8-week preoperative neuromuscular supervised exercise programme was delivered twice a week for 1 h as adjunct treatment to the standard arthroplasty procedure and compared with the standard arthroplasty procedure alone. The primary outcome was self-reported physical function measured...

  14. A neuromuscular exercise programme versus standard care for patients with traumatic anterior shoulder instability

    DEFF Research Database (Denmark)

    Eshoj, Henrik; Rasmussen, Sten; Frich, Lars Henrik

    2017-01-01

    BACKGROUND: Anterior shoulder dislocation is a common injury and may have considerable impact on shoulder-related quality of life (QoL). If not warranted for initial stabilising surgery, patients are mostly left with little to no post-traumatic rehabilitation. This may be due to lack of evidence......-based exercise programmes. In similar, high-impact injuries (e.g. anterior cruciate ligament tears in the knee) neuromuscular exercise has shown large success in improving physical function and QoL. Thus, the objective of this trial is to compare a nonoperative neuromuscular exercise shoulder programme...... dislocations due to at least one traumatic event will be randomised to 12 weeks of either a standardised, individualised or physiotherapist-supervised neuromuscular shoulder exercise programme or standard care (self-managed shoulder exercise programme). Patients will be stratified according to injury status...

  15. Effects of intensive physical rehabilitation on neuromuscular adaptations in adults with poststroke hemiparesis

    DEFF Research Database (Denmark)

    Andersen, Lars L; Zeeman, Peter; Jørgensen, Jørgen R

    2011-01-01

    consisting of isokinetic muscle strength, neuromuscular activation measured with electromyography (EMG), electrically evoked muscle twitch contractile properties, and gait performance (10-m Walk Test and 6-min Walk Test). After the 12-week conditioning program, knee extensor and flexor strength increased...... the effect of intensive physical rehabilitation on neuromuscular and functional adaptations in outpatients suffering from hemiparesis after stroke. A within-subject repeated-measures design with the paretic leg as the experimental leg and the nonparetic leg as the control leg was used. Eleven outpatients...... observed in the nonparetic control leg. Gait performance increased 52-68%. In conclusion, intensive physical rehabilitation after stroke leads to clinically relevant neuromuscular improvements, leading to increased voluntary strength during a wide range of contraction modes and velocities, and improved...

  16. Assessment of bone density in patients with scoliosis neuromuscular secondary to cerebral palsy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Charbel Jacob Júnior

    2014-09-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To evaluate bone mineral density in patients with neuromuscular scoliosis secondary to spastic quadriplegic cerebral palsy. METHODS: A prospective descriptive study in which, in addition to bone densitometry, the anthropometric data of the patients were assessed. As inclusion criterion we adopted patients with spastic quadriplegic cerebral palsy, wheelchair users, aged between 10 and 20 years and with neuromuscular scoliosis. RESULTS: We evaluated 31 patients, 20 female, whose average age was 14.2 years. The mean bone density was -3.2 standard deviation (Z-score, with mean biceps circumference of 19.4 cm, calf circumference 18.6 cm and BMI of 13.6 kg/m². CONCLUSION: There is a high incidence of osteoporosis in patients with neuromuscular scoliosis secondary to spastic quadriplegic cerebral palsy.

  17. Autosomal-dominant non-autoimmune hyperthyroidism presenting with neuromuscular symptoms.

    Science.gov (United States)

    Elgadi, Aziz; Arvidsson, C-G; Janson, Annika; Marcus, Claude; Costagliola, Sabine; Norgren, Svante

    2005-08-01

    Neuromuscular presentations are common in thyroid disease, although the mechanism is unclear. In the present study, we investigated the pathogenesis in a boy with autosomal-dominant hyperthyroidism presenting with neuromuscular symptoms. The TSHr gene was investigated by direct sequencing. Functional properties of the mutant TSHr were investigated during transient expression in COS-7 cells. Family members were investigated by clinical and biochemical examinations. Sequence analysis revealed a previously reported heterozygous missense mutation Glycine 431 for Serine in the first transmembrane segment, leading to an increased specific constitutive activity. Three additional affected family members carried the same mutation. There was no indication of autoimmune disorder. All symptoms disappeared upon treatment with thacapzol and L-thyroxine and subsequent subtotal thyroidectomy. The data imply that neuromuscular symptoms can be caused by excessive thyroid hormone levels rather than by autoimmunity.

  18. Transmitter release in the neuromuscular synapse of the protein kinase C theta-deficient adult mouse.

    Science.gov (United States)

    Besalduch, Núria; Santafé, Manel M; Garcia, Neus; Gonzalez, Carmen; Tomás, Marta; Tomás, Josep; Lanuza, Maria A

    2011-04-01

    We studied structural and functional features of the neuromuscular junction in adult mice (P30) genetically deficient in the protein kinase C (PKC) theta isoform. Confocal and electron microscopy shows that there are no differences in the general morphology of the endplates between PKC theta-deficient and wild-type (WT) mice. Specifically, there is no difference in the density of the synaptic vesicles. However, the myelin sheath is not as thick in the intramuscular nerve fibers of the PKC theta-deficient mice. We found a significant reduction in the size of evoked endplate potentials and in the frequency of spontaneous, asynchronous, miniature endplate potentials in the PKC theta-deficient neuromuscular preparations in comparison with the WT, but the mean amplitude of the spontaneous potentials is not different. These changes indicate that PKC theta has a presynaptic role in the function of adult neuromuscular synapses. Copyright © 2010 Wiley-Liss, Inc.

  19. Reversal of rocuronium-induced neuromuscular block by the selective relaxant binding agent sugammadex: a dose-finding and safety study

    DEFF Research Database (Denmark)

    Sorgenfrei, Iben F; Norrild, Kathrine; Larsen, Per Bo

    2006-01-01

    Sugammadex (Org 25969) forms a complex with steroidal neuromuscular blocking agents, thereby reversing neuromuscular block. This study investigated the dose-response relation, safety, and pharmacokinetics of sugammadex to reverse rocuronium-induced block.......Sugammadex (Org 25969) forms a complex with steroidal neuromuscular blocking agents, thereby reversing neuromuscular block. This study investigated the dose-response relation, safety, and pharmacokinetics of sugammadex to reverse rocuronium-induced block....

  20. Wavefront-guided refractive surgery results of training-surgeons Resultados das cirurgias refrativas guiadas por frentes de ondas de cirurgiões em treinamento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Iane Stillitano

    2010-08-01

    Full Text Available PURPOSE: To assess clinical outcomes and changes on higher-order aberrations (HOA after wavefront-guided laser in situ keratomileusis (LASIK and photorefractive keratectomy (PRK for correction of myopia and myopic astigmatism performed by training-surgeons. METHODS: One hundred and seventy patients had customized LASIK (207 eyes and PRK (103 eyes performed by surgeons in-training using the LADARVision 4000 (Alcon, Fort Worth, TX. Preoperative and 1, 3, 6 and 12 months postoperative data of spherical equivalent (SE, best spectacle-corrected visual acuity (BSCVA and uncorrected visual acuity (UCVA were analysed. Wavefront changes were determined using the LADARWave Hartmann-Shack wavefront aberrometer and the pupil size was scaled for 6.5 mm. RESULTS: The mean SE in the LASIK group was -3.04 ±1.07 D and in the PRK group was -1.60 ± 0.59 D. At 1-year follow-up, (80.6% (LASIK and (66.7% (PRK were within ± 0.50 D of the intended refraction. The UCVA was 20/20 or better in (58.1% (LASIK and (66.7% (PRK of the operated eyes. A statistically significant positive correlation was found between achieved versus attempted refractive correction in both groups: LASIK (r=0.975, POBJETIVO: Avaliar os resultados clínicos e mudanças nas aberrações de alta-ordem (HOA, após ceratomileuse assistida por excimer laser in situ (LASIK e ceratectomia fotorrefrativa (PRK guiados por frentes de onda para correção da miopia e astigmatismo miópico realizada por cirurgiões em treinamento. MÉTODOS: Estudo prospectivo de 170 pacientes submetidos a LASIK personalizado (207 olhos e PRK (103 olhos realizados por cirurgiões em treinamento utilizando o LADARVision 4000 (Alcon, Fort Worth, TX. Dados do equivalente esférico (SE, melhor acuidade visual corrigida (BSCVA e acuidade visual não corrigida (UCVA foram analisados no pré-operatório e com 1, 3, 6 e 12 meses de pós-operatório. As alterações de frentes de onda foram determinadas usando o aberrômetro Hartmann