WorldWideScience

Sample records for treinamento neuromuscular na

  1. Efeitos do treinamento neuromuscular na aptidão cardiorrespiratória e composição corporal de atletas de voleibol do sexo feminino Effects of the neuromuscular training in the cardiorespiratory fitness and body composition of female volleyball athletes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Adamoli Simões

    2009-08-01

    Full Text Available As respostas do organismo humano submetido a estímulos diversos, mensuradas através de parâmetros de performance, têm sido objeto de estudo a fim de aprimorar os métodos de treinamento. O objetivo deste estudo foi investigar os efeitos do treinamento neuromuscular na capacidade cardiorrespiratória e composição corporal de atletas de voleibol. Foram avaliadas 11 mulheres, antes e após 12 semanas de treinamento, referente à fase preparatória do ciclo anual de treinamento. O protocolo experimental constou de avaliação da composição corporal (percentual de gordura, massa magra e a gordura corporal e da aptidão cardiorrespiratória por meio de ergoespirometria em esteira rolante com protocolo contínuo e carga crescente, na qual se determinaram o consumo máximo de oxigênio, a frequência cardíaca máxima, o limiar anaeróbio, a frequência cardíaca do limiar anaeróbio e a velocidade do limiar anaeróbio. O treinamento teve frequência de cinco dias por semana dividido em duas sessões: uma de treinamento de força e outra de treinamento técnico e tático. Após o período estudado ocorreram aumentos (p The responses of the human body submitted to several stimuli measured by performance parameters have been object of studies in order to improve training methods. The aim of this study was to investigate the effects of the neuromuscular training in the cardiorespiratory fitness and body composition of volleyball athletes. Eleven women were assessed before and after 12 weeks of training, concerning the preparatory phase of the annual training cycle. The experimental protocol consisted of assessment of the body composition (fat percentage, lean mass and body fat and of the cardiorespiratory fitness through ergospirometry on treadmill with continuous protocol and increasing load, in which the oxygen maximal uptake, maximum heart rate, anaerobic threshold, heart rate threshold and anaerobic threshold velocity were determined. The

  2. Adaptações neuromusculares ao treinamento de força e concorrente em homens idosos.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eduardo Lusa Cadore

    2012-06-01

    Full Text Available DOI: http://dx.doi.org/10.5007/1980-0037.2012v14n4p483 O objetivo desse estudo foi revisar os resultados acerca das adaptações neuro-musculares ao treinamento de força (TF e concorrente (TC em homens idosos. Foram consultadas as bases de dados da Pubmed, Scopus e Scielo de 1980 a 2012. A partir dessa busca, 3390 artigos tiveram seus títulos avaliados e 127 foram selecionados para uma segunda análise para leitura dos abstracts. Destes, 92 artigos foram lidos completamente e 25 artigos foram selecionados e tiveram seus resultados descritos. Diversos estudos demonstraram  que idosos submetidos ao TF apresentam aumento na força, potência, ativação e massa muscular. A melhora na força decorrente do TF pode ser explicada através de adaptações neurais e morfológicas. As principais adaptações neurais ao TF consistem no aumento no recrutamento das unidades motoras (UMs, bem como no aumento na freqüência de disparo das UMs. Já as adaptações morfológicas incluem o aumento da área de secção transversa (AST fisiológica muscular, bem como no aumento na espessura muscular, ângulo de penação das fibras e modificações nas isoformas de cadeia pesada de miosina e conversão de fibras do subtipo IIX para IIa. Recomenda-se a inclusão do TF de intensidade moderada a alta (65-85% da força máxima na rotina dessa população para a melhora da função neuromuscular. Embora o TC promova adaptações neuromusculares significativas, a magnitude dessas adaptações pode ser inferior quando comparada ao TF. Apesar de o TC resultar em interferência nas adaptações neuromusculares, o TC também promove melhora na função cardiovascular, sendo essa intervenção mais recomendada para promoção da saúde em idosos.

  3. Treinamento físico na distrofia muscular de becker associada à insuficiência cardíaca

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jean Marcelo Roque

    2011-12-01

    Full Text Available A distrofia muscular de Becker (DMB integra as distrofinopatias que ocorrem devido a mutações genéticas que expressam a proteína distrofina no cromossomo X. O início dos sintomas neuromusculares normalmente precede o comprometimento da função cardíaca, podendo acontecer inversamente pela insuficiência cardíaca (IC. O treinamento físico é bem estabelecido na IC, porém, quando associada à DMB, é controverso e sem fundamento científico. Apresentamos o caso de um paciente com DMB associada à IC em fila de transplante cardíaco submetido a um programa de treinamento físico.

  4. Efeito do treinamento com pesos na pressão arterial de repouso em idosas normotensas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Luiz Demantova Gurjão

    2013-06-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: O treinamento com pesos (TP tem sido amplamente empregado em adultos idosos com objetivo de minimizar ou reverter os efeitos deletérios do processo de envelhecimento no sistema neuromuscular. No entanto, os potenciais benefícios do TP para a pressão arterial e frequência cardíaca de repouso de adultos idosos ainda permanecem controversos. OBJETIVO: Analisar o efeito de oito semanas de TP na pressão arterial sistólica (PAS, pressão arterial diastólica (PAD, pressão arterial média (PAM e frequência cardíaca (FC de repouso em idosas sem hipertensão arterial. MÉTODOS: Dezessete mulheres idosas (66,0 ± 5,8 anos sem experiência em TP foram separadas aleatoriamente em grupo treinamento (GT; n = 10 e grupo controle (GC; n = 7. As variáveis hemodinâmicas de repouso foram avaliadas pelo método auscultatório (esfigmomanômetro de mercúrio e frequencímetro cardíaco (Polar, antes e após oito semanas do período experimental. RESULTADOS: Reduções atribuíveis ao TP foram encontradas apenas para a PAS (-13,4 mmHg; p < 0,01. Apesar de reduções significativas terem sido observadas para a PAD e PAM, a análise de covariância não mostrou interação Grupo x Momento significativa. CONCLUSÃO: O TP se mostrou um treinamento eficaz para promover adaptações no sistema cardiovascular de mulheres idosas sem hipertensão arterial. Oito semanas de TP pode reduzir significativamente a PAS de repouso de mulheres idosas.

  5. EFEITO DO TREINO NEUROMUSCULAR NA ROTAÇÃO DO JOELHO DURANTE A ATERRISSAGEM EM MULHERES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Narayana Vianna Spanó

    2016-04-01

    Full Text Available Introdução: O grande índice de lesões do ligamento cruzado anterior sem envolver contato em mulheres é motivo de curiosidade entre os cientistas, pois avaliações de aterrissagem podem sugerir a predisposição ao risco dessa lesão. Neste sentido, vários protocolos de treinamento foram utilizados como intervenção e obtiveram resultados diversificados na alteração desse fator de risco. Objetivo: O objetivo deste projeto foi avaliar as possíveis alterações de rotação do joelho na aterrissagem unipodal após a intervenção de um programa de treinamento neuromuscular. Métodos: Participaram do estudo 18 mulheres com idade entre 18 e 51 anos, que foram distribuídas em dois grupos: grupo de treinamento neuromuscular de oito semanas (GTN (n = 11 e grupo controle (GC (n = 7. Além disso, não apresentavam lesão musculoesquelética ou dores nos membros inferiores. Cada participante realizou cinco aterrissagens unipodais válidas de uma plataforma de 40 cm de altura. O processo de captura de movimento foi realizado com 12 câmeras infravermelho do sistema OptiTrack(tm para obter as coordenadas tridimensionais de marcadores fixados nos pontos anatômicos de interesse. Os sistemas de coordenadas locais da coxa e da perna foram definidos por meio dos respectivos marcadores fixados nos pontos anatômicos. Dessa forma, foram calculados os ângulos de rotação do joelho nos planos sagital, frontal e transverso através das sequências dos ângulos de Euler e as velocidades angulares através das formulações dos quatérnions. Resultados: Os resultados mostraram que houve um aumento na velocidade de rotação do joelho após o treinamento neuromuscular. Conclusão: Conclui-se que o treinamento neuromuscular resultou em maior velocidade de rotação no joelho nos 40 milissegundos que sucedem a aterrissagem unipodal.

  6. Treinamento resistido na Educação Física Escolar: uma proposta de ensino

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Cruz Lima

    2014-12-01

    Full Text Available Objetivo: buscar na literatura, estudos e evidencias científicas que comprovassem ou refutassem a efetividade do Treinamento Resistido na educação Física Escolar, para o desenvolvimento da força muscular dos adolescentes. Esclarecer os mitos e verdades, mostrar a importância do treinamento resistido frente à Educação Física Escolar e apresentar uma proposta de ensino, oferecendo ao professor de Educação Física reais possibilidades de ministrar esse conteúdo em suas aulas. Método: pesquisa de caráter qualitativo, do tipo bibliográfico e utilizado o método comparativo entre os estudos buscados nas bases de dados Portal de Periódicos CAPES, Scielo, Portal de Pesquisa da Bvs, Google Acadêmico, e MedLine. Os buscadores da pesquisa foram: treinamento, treinamento de força, treinamento resistido, treinamento com pesos, adolescente, criança, educação física, saúde, maturação sexual e força muscular. Resultados: foram encontrados 20 artigos que foram revisados para o presente estudo. Considerações finais: o treinamento resistido em crianças e adolescentes é benéfico, quando aplicados corretamente, respeitando a individualidade biológica e a maturação do discente. Os malefícios provenientes da aplicação do treinamento de força surgem do exagero do treinamento levado a níveis profissionais e intensos nos jovens discentes e da má alimentação combinada à ingestão de anabólicos. O profissional de Educação Física deve estar atento ao nível de desenvolvimento dos jovens antes de prescrever o treinamento de força. Esta revisão pode auxiliar profissionais da Educação Física a implantar treinamentos de força em crianças e adolescentes visto que traz inúmeros benefícios à saúde, além do ganho da força muscular.

  7. Efeitos de 20 semanas de treinamento combinado na capacidade funcional de idosas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristiano Andrade Quintão Coelho Rocha

    Full Text Available Resumo O estudo baseou-se em avaliar os efeitos de 20 semanas de treinamento combinado na capacidade funcional de idosas; 66 foram divididas por randomização em dois grupos, um grupo treinamento combinado (GTC, n = 33, com 69,12 ± 7 anos e outro grupo controle (GC, n = 33, com 69,21 ± 6,60 anos. O período de intervenção da pesquisa ocorreu durante 20 semanas. A avaliação da CF foi feita pela Escala de Atividade da Vida Diária (AVD proposta por Katz, associada à Escala das Atividades Instrumentais da Vida Diária (AIVD proposta por Lawton. Para o treinamento de força muscular, usou-se carga máxima entre 70-85% de 1RM e no treinamento de resistência cardiovascular optou-se pelo uso de 70-89% da FC de reserva. Os resultados apresentam melhorais estatisticamente significativas na escala de CF de Lawton (Δ% = 21,04%, p = 0,007 e na escala de CF de Katz, (Δ% = 7,31%, p < 0,001 comparados com os do GC. Os resultados possibilitam concluir que a prática do treinamento combinado melhorou a CF de idosas.

  8. Does neuromuscular exercise training improve proprioception in ankle lateral ligament injury among athletes?: systematic review and meta-analysis = O treinamento neuromuscular melhora a propriocepção em lesão ligamentar lateral do tornozelo entre atletas?: revisão sistemática e metanálise

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kalirtahinam, Deivendran

    2017-01-01

    Full Text Available Objetivos: A taxa de prevalência de lesões no complexo ligamentar lateral vem aumentando entre os atletas a uma velocidade constante. Este estudo teve por objetivo descrever sistematicamente os achados relacionados à eficácia dos programas de treinamento na propriocepção entre atletas com lesão ligamentar do tornozelo. Métodos: Foi realizada uma busca em bases de dados online ( Google Scholar, PubMed, EBSCOhost e ProQuest com o uso de diferentes mecanismos de busca, para revisão sistemática e metanálise. Os descritores comuns foram NEUROMUSCULAR, EXERCISE, TRAINING, PROPRIOCEPTION, and ATHLETES. Os estudos relacionados ao assunto, os que continham recursos relevantes e aqueles publicados nos últimos 10 anos foram usados como critério de inclusão. A qualidade metodológica foi avaliada pela escala PEDro. Foi feita uma metanálise dos estudos selecionados a fim de avaliar a eficácia da intervenção. Resultados: Inicialmente, foram selecionados 200 artigos de pesquisa. Após uma avaliação detalhada, restaram 15 artigos. Cinco estudos de qualidade moderada a excelente foram selecionados, totalizando 2. 459 participantes. Verificou-se, principalmente, que o entorse de tornozelo e suas complicações podem ser evitados facilmente com o auxílio de programas de treinamento (cinco estudos, risco relativo: 0,69, IC 96%: 0,65-0,87. Observou-se uma relação estatisticamente significativa em termos dos efeitos preventivos do treinamento na propriocepção entre atletas. Conclusões: Os programas de treinamento preventivos foram úteis aos atletas em termos de propriocepção, reduzindo o risco de entorses de tornozelo

  9. A influência do treinamento na discinesia escapular em jogadoras de voleibol: um estudo prospectivo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renato Rozenblit Soliaman

    2015-06-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: No movimento de ataque, o equilíbrio do ritmo escapulotorácico exerce papel fundamental na eficiência do gesto esportivo, sendo a discinesia escapular comumente associadas a lesões específicas do ombro do arremessador. Dentre suas causas é frequentemente relatada a fadiga muscular consequente ao uso excessivo da musculatura periescapular. OBJETIVO: Avaliar a influência do treinamento na presença de discinesia escapular em atletas de voleibol. MÉTODOS: Trata-se de um estudo de coorte prospectivo, no qual foram avaliadas 12 atletas do gênero feminino praticantes de voleibol, que não possuíam cirurgias prévias nos ombros e praticavam no mínimo 10 horas de treinos semanais. Foi realizada avaliação pré e pós treino, no qual realizavam 30 min de aquecimento e 120 min de treino específico da modalidade. A discinesia escapular foi avaliada em 'SIM' ou 'NÃO', definida de acordo com a presença ou ausência de alterações no padrão de movimento escapulotorácico, respectivamente. RESULTADOS: A prevalência de discinesia nesta população foi identificada em nove das doze atletas na avaliação pré-treino (75% e após a realização do treinamento uma atleta que não apresentava inicialmente alteração evoluiu com o padrão de discinesia, resultando na prevalência acumulada de 10 atletas (83% nesta população. CONCLUSÃO: Concluiu-se que uma única sessão de treinamento foi capaz de aumentar a prevalência de discinesia escapular em 8% (ou uma atleta das atletas de voleibol.

  10. Efeitos do treinamento proprioceptivo na estabilidade do tornozelo em atletas de voleibol

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariana Michalski Peres

    2014-04-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Nos esportes onde há contato entre os atletas, como no voleibol, a entorse por mecanismo de inversão é a lesão mais frequente e o tornozelo é a articulação mais acometida quando comparada com as outras, acarretando déficits importantes como a instabilidade articular. Programas de treinamento proprioceptivo têm sido amplamente utilizados para minimizar essas questões. OBJETIVO: Avaliar o efeito de um treinamento proprioceptivo na estabilidade articular do tornozelo por meio do teste Star Excusion Balance Test (SEBT em atletas de voleibol. MÉTODOS: Foram avaliadas 11 atletas de voleibol de um clube poliesportivo da cidade de Porto Alegre, RS, Brasil, por meio de um teste de avaliação para estabilidade articular do tornozelo, SEBT. As atletas passaram por um programa de treinamento proprioceptivo composto por seis exercícios que trabalharam propriocepção em diferentes graus de exigência durante quatro semanas e este teste foi aplicado no pré e pós-intervenção pelo programa de treinamento proprioceptivo das atletas. RESULTADOS: As variáveis quantitativas foram descritas por média e desvio padrão, e o estudo da normalidade das variáveis foi descrito pelo teste de Shapiro-Wilk. As variáveis categóricas foram descritas por frequências absolutas e relativas. Para a comparação de médias de ambos os tornozelos pré e pós-intervenção foi utilizado o teste T pareado. O nível de significância adotado foi de 5% (p≤0,05 e as análises foram realizadas no programa SPSS (Statistical Package for the Social Sciences versão 18. Os resultados no teste SEBT das atletas pré e pós-intervenção proprioceptivo mostrou diferença significativa em seis direções para o tornozelo direito e cinco para o tornozelo esquerdo. CONCLUSÃO: Um programa de treinamento proprioceptivo parece ser eficaz para o incremento da estabilidade articular que é fundamental para atletas de voleibol expostas ao risco de entorses de

  11. Efeito de um programa de treinamento de facilitação neuromuscular proprioceptiva sobre a mobilidade torácica Effect of a training program based on proprioceptive neuromuscular facilitation onto thoracic mobility

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marlene Aparecida Moreno

    2009-06-01

    Full Text Available A proposta deste estudo foi analisar o efeito de um programa de treinamento de membros superiores baseado nas técnicas de facilitação neuromuscular proprioceptiva (FNP sobre a mobilidade torácica. Foram estudadas 24 voluntárias sedentárias, idade 22,9 ± 2,9 anos, divididas em grupo controle (GC, que não participou do treinamento, e grupo treinado (GT. O protocolo de treinamento físico foi constituído por um programa de exercícios de FNP, realizado três vezes por semana, durante quatro semanas. Os dois grupos foram submetidos à avaliação da mobilidade torácica por meio de cirtometria, antes e após o período de treinamento. Os dados colhidos foram analisados estatisticamente, com nível de significância α = 5%. Os valores da cirtometria axilar e xifoideana do GC antes e após o período de intervenção não apresentaram alterações significativas (p>0,05. No GT os valores das variáveis foram significantemente maiores após a intervenção (pThe purpose of this study was to analyse the effect of an upper limb training program based on proprioceptive neuromuscular facilitation (PNF techniques on thoracic mobility. The study was carried out with 24 sedentary female volunteers, aged 22.9±2.9 years. Participants were divided into a control group (CG, who did not perform any exercise, and a trained group (TG, submitted to training. The physical training protocol consisted of a PNF exercise program, three times a week for four weeks. The two groups were assessed as to thoracic mobility by means of cirtometry before and after the training period. Data were statistically analysed and significance level set at α=5%. In CG, initial axillary and xiphoid cirtometry values showed no significant differences when compared to data obtained on the final evaluation (p>0.05. TG measures, in turn, were significantly higher after the training program (p<0.05. The PNF protocol here proposed seems hence to be an efficient exercise program to

  12. Plataforma Blackboard: treinamento dos professores para a eficácia na EaD

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Serravalle de Sá

    2010-08-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.5007/1807-9288.2010v6n1p124 O presente artigo faz considerações sobre o uso da plataforma Blackboard Academic Suite como ferramenta de ensino no âmbito do Departamento de Espanhol, Português e Estudos Latino-Americanos (SPLAS na Universidade de Manchester. O que se oferece é um depoimento da experiência do autor enquanto um professor-usuário dessa tecnologia aplicada ao ensino. Reflete-se aqui sobre as funcionalidades da plataforma e a questão do treinamento necessário para utilização plena do programa e o sucesso da experiência educativa.

  13. Efeitos de longo prazo do treinamento resistido na pressão arterial: uma revisão sistemática

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Eduardo Carnaval Pereira da Rocha

    2017-12-01

    Full Text Available Estudos têm verificado os efeitos benéficos do exercício aeróbico na modificação da pressão arterial (PA, entretanto poucos estudos avaliaram os efeitos a longo prazo do treinamento resistido na variação desse desfecho. Assim, o objetivo do estudo foi verificar por meio de uma revisão sistemática a ação de longo prazo do treinamento resistido na PA. Realizaram-se buscas nas bases Medline via Pubmed, Science Direct, Scopus, Web Science e Lilacs. Foram encontrados 751 artigos dos quais 22 fizeram parte da análise. A análise seguiu o checklist PRISMA (Statement for Reporting Systematic Reviews and Meta-Analyses of Studies e foi dividida em função da utilização de dois modelos para a aplicação do treinamento resistido: treinamento resistido tradicional (TRT, somente exercícios resistidos, e treinamento resistido combinado (TRC, exercícios resistidos mais exercícios aeróbicos. As maiores reduções na PA ocorreram quando da realização do treinamento resistido combinado em relação ao treinamento resistido tradicional. Entretanto, são necessários mais estudos para melhor explicitar as variáveis do treinamento resistido (número de exercícios, repetições, número de séries, intervalos, velocidade de execução e intensidade de carga, para que se possa identificar o melhor modelo de treinamento e aprimorar a qualidade metodológica dos experimentos na tentativa de diminuir os riscos de viés.

  14. Efeito do treinamento resistido na pressão arterial e capacidade funcional de idosas hipertensas

    OpenAIRE

    Cunha, Eline Silva da

    2010-01-01

    Os resultados dos estudos sobre a intensidade ideal do treinamento resistido para redução dos níveis pressóricos de repouso, assim como, desse tipo de treinamento sobre o aumento da capacidade funcional de idosas hipertensas ainda são obscuros, uma vez que as poucas investigações realizadas geralmente analisam indivíduos jovens normotensos, sendo a literatura carente de informação precisa em sujeitos idosos hipertensos. Objetivos: Verificar a repercussão de duas intensidades de treinamento re...

  15. Efeitos do treinamento resistido na lipoproteína de baixa densidade Effects of resistance training on low density lipoprotein

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jeferson Luis da Silva

    2010-02-01

    Full Text Available Os benefícios da prática regular do exercício físico estão claramente estabelecidos na literatura. Entretanto, a escolha do tipo de exercício ideal pode ser mais salutar para indivíduos com doenças específicas e patologias associadas. O propósito desta revisão foi verificar se o treinamento resistido (TR exerce alguma alteração no colesterol da lipoproteína de baixa densidade (LDL-C. Foram observadas grandes diferenças na literatura, dificultando uma conclusão em relação aos benefícios do TR nesta revisão. No entanto, foi visto que o TR pode ser promissor na redução dos níveis de LDL-C, principalmente em homens e mulheres adultos, em pacientes com diabetes mellitus tipo 1 e tipo 2 e em mulheres pré-menopausa, não mostrando diferenças na população idosa. Os autores concluem que o TR é uma boa opção de exercício físico para indivíduos, principalmente quando o treinamento aeróbio (TA é contraindicado.The benefits of exercise regular practice are clearly established in the literature. However, the choice of the ideal exercise may be more beneficial for individuals with specific diseases and associated pathologies. The aim of this review was to determine whether resistance training (RT promotes any change on low density lipoprotein cholesterol. Important differences were observed in research protocols, making it difficult to define the benefits of RT in this review. However, it was noticed that RT may be promising in reducing LDL-C levels mainly in adult men and women, in patients with diabetes mellitus type 1 and type 2 and in pre-menopausal women, not presenting differences in the elderly population. It was concluded that the RT is an option good of physical exercise for individuals, especially when the aerobic training (AT is contra-indicated.

  16. Impacto do treinamento resistido na força e hipertrofia muscular em HIV-soropositivos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ciro José Brito

    2013-06-01

    Full Text Available O presente estudo investigou o efeito de 24 semanas de treinamento resistido (TR sobre a força e hipertrofia muscular de pacientes HIV-soropositivos. Participaram deste estudo 45 voluntários submetidos à terapia antirretroviral fortemente ativa (HAART, destes, 23 realizaram 3 sessões semanais, com 10 repetições a 80% 1RM. O teste de 1RM foi realizado de acordo com a metodologia proposta por Kraemer e Fry (1995, para estimativa da hipertrofia muscular adotou-se as equações de Frisancho (1984. Em comparação aos valores, o TR melhorou a força de 1RM nos exercícios de agachamento em 49% (21,0±4,9 vs. 31,2±5,1; P=0,001, supino reto em 13% (34,3±8,1 vs. 39,8±9,4; P=0,04, cadeira extensora em 34,1% (26,3±7,1 vs. 37,1±6,6; P=0,01, tríceps em 51% (22,9±4,0 vs. 38,3±4,9; P=0,001, pulley costas em 31,5% (31,7±3,9 vs. 41,7±4,4; P=0,01, cadeira flexora em 37,2% (18,9±3,4 vs. 27,3±3,2; P=0,01 e rosca bíceps em 60% (27,9±6,9 vs. 40,4±4,5; P=0,001. Não foram observadas diferenças (P<0,05 entre os valores basais e finais para o grupo controle. Observou-se aumento significativo (P<0,05 na área muscular do braço isenta de massa óssea, no grupo TR (52,8±14,5 cm² em relação ao controle (39,5±12,4 cm². Ademais, o TR resultou em significativa (P<0,05 redução da glicemia sanguínea de jejum (96,5±18,3 vs. 90,5±12,6, pressão arterial sistólica (126,3±14,3 vs. 120,0±10,0 e circunferência de cintura (83,0±12,5 vs. 80,6±10,2. Conclui-se que seis meses de TR resultaram em melhora na força e hipertrofia, ademais, o treinamento aplicado contribuiu para a regulação das variáveis metabólicas dos pacientes. Uma vez que a HAART é inevitável ao HIV-soropositivo, recomenda-se que o exercício físico seja realizado no intuito de dirimir os efeitos colaterais advindos desta terapia.

  17. Creatina e treinamento resistido: efeito na hidratação e massa corporal magra

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Carlos Sales Zanelli

    2015-02-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: a creatina é um recurso ergogênico cuja suplementação tem sido associada ao aumento da hidratação corporal total e ao aumento da massa muscular dos consumidores. Entretanto, estudiosos questionam se o aumento da massa muscular é um ganho real. OBJETIVO: avaliar o efeito da suplementação de creatina sobre a hidratação e o aumento de massa magra em indivíduos previamente treinados e não treinados, submetidos a um programa de treinamento resistido. MÉTODOS: ensaio clínico não randomizado, constituído por três momentos, M1 - Início da suplementação com 20g/dia de creatina; M2 - 7 dias após iniciada a suplementação e redução da suplementação para 5g/dia; M3 - 28 dias de suplementação. Nos momentos propostos, foram realizadas aferições de peso, estatura e avaliação da composição corporal (massa magra, água corporal total com a utilização do BYODINAMICS(r Modelo 310. Para todos os testes estatísticos, foi adotado o nível de significância de 95% (p<0,05. RESULTADOS: participaram desse estudo 14 voluntários adultos do sexo masculino, com idade média de 22,57(±1,45 anos, dos quais sete eram treinados e sete não treinados. Após 28 dias de suplementação, no grupo treinado observou-se um aumento significativo no peso, água corporal total, massa magra e hidratação da massa magra, mas nenhum aumento significativo foi observado no grupo não treinado. Em relação ao ângulo de fase, este aumentou no grupo não treinado e reduziu no grupo treinado. CONCLUSÃO: a suplementação de creatina associada ao treinamento resistido é mais efetiva na hidratação de indivíduos treinados, como também é suficiente para reduzir a diferença significativa do ângulo de fase intergrupos, sugerindo assim, maior hidratação celular em ambos os grupos. Contudo, esse aumento na hidratação não revelou aumento significativo no tecido muscular.

  18. Efeitos do destreinamento físico na capacidade funcional de idosos submetidos a um programa de treinamento resistido

    OpenAIRE

    Santana, Frederico Santos de

    2010-01-01

    A redução ou interrupção de treinamento resistido (TR) é denominada destreinamento (DT). Alguns trabalhos analisaram o impacto do DT nas aptidões físicas de idosos, porém poucos estudos investigaram os efeitos do DT na capacidade funcional de idosos. OBJETIVO - comparar a capacidade funcional de idosos após períodos de DT de 6 e 16 semanas. MÉTODOS - a amostra foi constituída de 42 indivíduos idosos, divididos em 2 grupos: DT curto (GC) e DT longo (GL), com n de 11 e 31, respectivamente. Fora...

  19. Treinamento neuromotor no padrão de marcha e na mobilidade de tornozelos em idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruna Caroline de Lima

    2015-12-01

    Full Text Available Objetivo: Analisar o efeito do treinamento neuromotor no padrão de marcha e a mobilidade de tornozelos em idosos. Métodos: Ensaio controlado não aleatorizado, de corte transversal, realizado em Rio Negrinho, Santa Catarina, no período de maio a setembro de 2015, com amostra de 26 idosas divididas em grupo controle (GC=15 e grupo treinamento neuromotor (GTN=11. A avaliação do padrão de marcha ocorreu através do Protocolo de Cerny e a mobilidade de tornozelos, através da goniometria. O GC realizou atividade física regular composta por aquecimento, exercícios de alongamento e fortalecimento muscular de grandes grupos musculares de membros e desaquecimento. O GTN recebeu treinamento neuromotor em forma de circuito composto por 10 estações, com aquecimento, treinamento neuromotor, desaquecimento e repetição do circuito em 3 vezes, com permanência de 1 minuto em cada estação e 30 segundos de intervalo entre elas, com progressão de dificuldade dos exercícios após a sexta semana. Ambos os grupos realizaram a atividade por 12 semanas (2 vezes semanais, com duração de 45 minutos. Análise ocorreu pelo teste t, adotando um nível de significância de p<0,05. Resultados: Houve melhora significativa em dorsiflexão de ambos os tornozelos (direito p=0,00 e esquerdo=0,02 e em ambos os grupos; já no padrão de marcha, não houve melhora significativa após treinamento neuromotor (velocidade p=0,55; tempo de deambulação p=0,6. Conclusão: O treinamento neuromotor beneficiou a manutenção do padrão de marcha (velocidade e tempo de deambulação e a mobilidade articular de tornozelos em idosas avaliadas.

  20. Efeitos da facilitação neuromuscular proprioceptiva na estabilidade postural e risco de quedas em pacientes com sequela de acidente vascular encefálico: estudo piloto Efectos de la facilitación neuromuscular propioceptiva en la estabilidad postural y riesgo de caídas en pacientes con secuela de accidente vascular encefálico: estudio piloto Effects of proprioceptive neuromuscular facilitation in postural stability and risk of falls in patients with sequelae of stroke: pilot study

    OpenAIRE

    Natália Noman de Lacerda; Érika Baptista Gomes; Hudson Azevedo Pinheiro

    2013-01-01

    O controle do tronco é uma habilidade motora básica necessária para executar diversas tarefas funcionais, e é deficiente em pacientes que sofreram acidente vascular encefálico (AVE). Objetivo: Avaliar o efeito do método facilitação neuromuscular proprioceptiva (PNF) na estabilidade postural e risco de quedas em pacientes com sequela de AVE. Metodologia: Foi realizado estudo de intervenção que consistiu em treinamento da estabilidade postural por meio de um protocolo fixo constituído por 5 exe...

  1. INFLUÊNCIA DA PERIODIZAÇÃO DO TREINAMENTO COM PESOS NA MASSA CORPORAL MAGRA EM JOVENS ADULTOS DO SEXO MASCULINO: UM ESTUDO DE CASO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vinícius Peraro Ramalho

    2008-05-01

    Full Text Available A preocupação do treinador em organizar o treinamento de modo à proporcionar ao atleta uma ótima resposta adaptativa, levando em consideração os objetivos definidos, tem sido um alvo almejado desde a década de 1960. Considerando a importância do planejamento do treinamento, o presente estudo teve como objetivo analisar a influência dos modelos de mesociclo linear e não-linear aplicados ao treinamento com pesos, no aumento da massa corporal magra. O estudo caracterizou-se como pesquisa quase-experimental. A amostra foi constituída de oito homens que se encontravam num nível intermediário de treinamento, divididos em dois grupos experimentais. O grupo 1 realizou o treinamento com base no modelo linear ou estável (sem variação da sobrecarga de semana para semana, e o grupo 2 realizou o treinamento baseado no modelo não-linear ou ondulante (com variação da sobrecarga de semana para semana, ambos num período de oito semanas. Na coleta de dados utilizou-se uma fita métrica para as medidas antropométricas de circunferência, uma balança da marca Filizola para a aferição do peso e um adipômetro da marca Cescorf para a medida da espessura das dobras cutâneas utilizadas na estimativa da composição corporal. As médias obtidas no pré e no pós-teste dos grupos foram comparadas pelo teste “t” de student a um nível de significância de 5% (p < ou =0,05. Analisando os resultados obtidos na comparação do pós-teste entre o grupo 1 e o grupo 2, pode-se concluir que não houve diferenças estatisticamente significativas, porém, o grupo 2, com base no modelo de treinamento não-linear de musculação, obteve um aumento estatisticamente significativo na massa corporal magra, na comparação entre o seu pré e pós-teste, levando a crer que a estruturação dos mesociclos utilizando esse modelo seja uma forma eficaz e segura para a sua aplicação no treinamento de força visando a hipertrofia muscular.

  2. Efeitos da facilitação neuromuscular proprioceptiva na estabilidade postural e risco de quedas em pacientes com sequela de acidente vascular encefálico: estudo piloto

    OpenAIRE

    Lacerda, Natália Noman de; Gomes, Érika Baptista; Pinheiro, Hudson Azevedo

    2013-01-01

    O controle do tronco é uma habilidade motora básica necessária para executar diversas tarefas funcionais, e é deficiente em pacientes que sofreram acidente vascular encefálico (AVE). Objetivo: Avaliar o efeito do método facilitação neuromuscular proprioceptiva (PNF) na estabilidade postural e risco de quedas em pacientes com sequela de AVE. Metodologia: Foi realizado estudo de intervenção que consistiu em treinamento da estabilidade postural por meio de um protocolo fixo constituído por 5 exe...

  3. Treinamento concorrente na imunidade e aptidão física de pacientes HIV/AIDS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre Ramos Lazzarotto

    2016-04-01

    Full Text Available Introdução: As investigações sobre treinamento físico com pessoas que vivem com HIV/Aids enfatizam os componentes aeróbico, força e concorrente em séries múltiplas. Objetivo: Avaliar o treinamento concorrente com séries simples nos parâmetros imunológico, virológico, cardiorrespiratório e muscular em pacientes com HIV/Aids. Métodos: Séries temporais, com a participação de 6 homens e 1 mulher que faziam uso da TARV. O parâmetro imunológico foi avaliado por citometria de fluxo; o virológico, pelo teste HIV-1 RNA 3.0 (bDNA; o cardiorrespiratório, por meio do protocolo de rampa e o muscular, pelo teste de 15 repetições máximas e número máximo de flexões de tronco em 1 minuto. O treinamento foi realizado três vezes por semana durante 12 semanas, com reavaliações e incrementos mensais. A estatística contemplou valor absoluto, mediana e amplitude e o teste t de Wilcoxon no programa SPSS, versão 20.0 (p < 0,05. Resultados: No parâmetro imunológico, houve aumento do número de linfócitos T CD4+ (p = 0,034. No parâmetro virológico, a carga viral em 2 participantes diminuiu (495 para 51 cópias/ml e 72 para não detectável [< 50 cópias/ml] e 5 mantiveram-na não detectável. No cardiorrespiratório verificou-se aumento do VO2máx absoluto (p = 0,028 e da carga máxima de trabalho (Watt no cicloergômetro (p = 0,015. A carga de trabalho aumentou na função muscular de todos os exercícios: voador (p = 0,018, roldana alta (p = 0,017, pressão de pernas (p = 0,018, roscas bíceps (p = 0,016 e tríceps (p=0,017 e número máximo de abdominais (p = 0,018. Conclusão: O treinamento melhorou os parâmetros cardiorrespiratório e muscular e não causou efeitos deletérios nos parâmetros imunológico e aumento na carga viral.

  4. Efeito do treinamento fisico em judocas e corredores fundistas de alto nivel na plasticidade neural

    OpenAIRE

    Wantuir Francisco Siqueira Jacini

    2007-01-01

    Resumo: Estudos experimentais têm sugerido que a prática de exercícios físicos associados a treinamento, planejamento e execução de movimentos complexos causam alterações estruturais no sistema nervoso. Essas podem refletir modificações benéficas à plasticidade cerebral, em resposta ao aumento da atividade imposta pela aprendizagem motora e exercícios físicos. Todavia, efeitos estruturais, com potencial implicação para o auxílio em reabilitação de problemas neurológicos, não são bem entendido...

  5. Uma ferramenta para treinamento na avaliação de imagens mamográficas via Internet

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ângelo Michele Fúlvia

    2002-01-01

    Full Text Available Este trabalho consiste na implementação de um esquema computacional instalado em um "site" associado à "homepage" do Laboratório de Análise e Digitalização de Imagens do Departamento de Engenharia Elétrica da Escola de Engenharia de São Carlos -- Universidade de São Paulo, São Carlos, SP, para proporcionar um procedimento de interatividade com o usuário remoto na elaboração de laudo a partir da análise de imagens mamográficas via rede, com avaliação automática do parecer emitido. Isto foi feito a partir da implantação de um banco de imagens mamográficas digitalizadas, adequadamente pré-selecionadas, associado a uma base de dados com os laudos fornecidos por radiologistas especialistas. Como o processo tem a finalidade de ser utilizado para treinamento na avaliação diagnóstica em mamografia, o laudo do especialista é disponibilizado para comparação após a finalização de cada avaliação, juntamente com o parecer fornecido pelo usuário e sua porcentagem de acerto. Esse esquema, denominado "Laudos Online", objetiva também permitir ao usuário aprimorar seus conhecimentos, funcionando como uma ferramenta de ensino a distância.

  6. Efeitos da manipulação da ordem dos tipos de exercício durante o treinamento concorrente nas adaptações neuromusculares e cardiorrespiratórias em homens idosos

    OpenAIRE

    Eduardo Lusa Cadore

    2012-01-01

    O objetivo da presente tese foi investigar os efeitos da ordem das modalidades de treino de força e aeróbico nas adaptações neuromusculares e cardiorrespiratórias ao treinamento concorrente em idosos. Vinte seis homens idosos saudáveis (64,7 ± 4,1 anos) foram distribuídos em 2 grupos de treino concorrente: treino de força executado antes do treino aeróbico (GFA, n=13), e treino aeróbico executado antes do treino de força (GAF, n = 13). Os indivíduos treinaram 12 semanas, 3 vezes por semana ex...

  7. Efeito da ingestão crônica de cafeína e do treinamento físico sobre as respostas cardiovasculares

    OpenAIRE

    Roberto José Ruiz

    2010-01-01

    Introdução: A cafeína é uma substância consumida pela população em muitos países, estando presente em diferentes alimentos. Considerando que a cafeína pode provocar alterações cardiovasculares quando utilizada a longo prazo, torna-se necessário investigar seus efeitos quando utilizada cronicamente em protocolos de treinamento físico. Objetivos: Revisar a literatura sobre o comportamento na pressão arterial (PA) de repouso decorrente da ingestão crônica de cafeína e verificar a respostas cardi...

  8. Efeito do treinamento resistido na avaliação da composição corporal e na atividade da MMP-2 nos músculos bíceps e gastrocnêmio de ratos obesos

    OpenAIRE

    Markus Vinicius Campos Souza

    2013-01-01

    O objetivo do presente estudo, foi investigar a influência do treinamento resistido na composição corporal e a atividade metaloproteinases de matrix 2 (MMP-2) nos músculos bíceps e gastrocnêmio em ratos alimentados com dieta hiperlipídica. Foram avaliados 32 ratos machos Wistar divididos em quarto grupos experimentais (n=8/cada) de acordo com o tipo de dieta e o treinamento: Controle (C; dieta padrão), Controle Obeso [C-Ob; dieta: hiperlipídica (30% de gordura)], Exercício Resistido (EX; diet...

  9. Efeitos de dois programas de treinamento em piscina funda nas respostas cardiorrespiratórias, neuromusculares e no equilíbrio de idosos

    OpenAIRE

    Ana Carolina Kanitz

    2013-01-01

    O crescimento acelerado da população idosa juntamente com o aumento da procura por atividades físicas tem motivado cada vez mais estudos que envolvam treinamento e o idoso. A corrida em piscina funda parece ser uma alternativa interessante para essa população, uma vez que não possui impacto nos membros inferiores possibilitando que o indivíduo se exercite em grandes cargas aeróbias com menor risco de lesão. Desta forma, o objetivo do presente estudo foi avaliar os efeitos de dois programas de...

  10. Efeito do treinamento físico na pressão arterial de adolescentes com obesidade

    OpenAIRE

    Farah, Breno Quintella; Berenguer, Mariana de Freitas; Prado, Wagner Luiz do; C. Júnior, Crivaldo Gomes; Dias, Raphael Mendes R.

    2012-01-01

    OBJETIVO: Descrever, por meio de uma revisão sistemática, os efeitos do treinamento físico sobre a pressão arterial em adolescentes com obesidade. FONTES DE DADOS: Recorreu-se à revisão sistemática de ensaios clínicos randomizados que analisaram o efeito do treinamento físico sobre a pressão arterial de adolescentes obesos, publicados em periódicos indexados nas bases de dados PubMed/Medline, Lilacs, SciELO e ISI Web of KnowledgeSM. Foram incluídos os estudos que avaliaram adolescentes public...

  11. Influência da suplementação de carboidrato na função imune de judocas durante o treinamento

    OpenAIRE

    Mendes, Edmar Lacerda; Brito, Ciro José; Batista, Ellencristina Silva; Silva, Carlos Henrique Osório; Paula, Sérgio Oliveira de; Natali, Antonio José

    2009-01-01

    O objetivo deste trabalho foi investigar os efeitos da suplementação de carboidrato, durante uma sessão de treino, sobre a função imune de atletas de judô. Dezesseis judocas do sexo masculino foram submetidos a duas sessões de treinamento de 120 minutos cada, com três dias de intervalo entre elas. Na primeira sessão, oito judocas, separados de forma aleatória, foram suplementados (3mL/kg peso corporal) com solução carboidratada (grupo CHO) e os demais, com solução placebo (grupo PLA), de form...

  12. PREVENÇÃO DE LESÕES EM FUTEBOLISTAS ATRAVÉS DO TREINAMENTO NEUROMUSCULAR E PROPRIOCEPTIVO EM MEMBROS INFERIORES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Léo de Paiva Montenegro

    2014-02-01

    Full Text Available Objective: To study the importance of neuromuscular and proprioceptive training in football for the prevention of sports injuries in the lower limbs. Materials and Methods: We performed a literature review using the virtual databases Bireme, Scielo and Medline. Were used articles published between 1995 and 2012. Results: The study addressed the types, location of injury in football, showed that the lower limb is more affected by injury, being physical contact or without physical contact. Intervention programs are shown effective in increasing muscular strength, muscular endurance, agility, power and increased proprioception. Discussion: Due to the different mechanisms responsible for the injuries and the considerable increase of injuries in high performance sports, the study of means to prevent injury was drafted. Many studies have shown the effectiveness of training programs and proprioceptive neuromuscular to reduce the number of injuries during the season and to reduce the distance between the matches. Low cost programs may reduce the incidence of injuries in football. Conclusion: The neuromuscular and proprioceptive training can prevent injuries in football players due to the protective action in joints and muscles, should being included in the training of athletes.

  13. ANÁLISE DO NÍVEL DE TREINAMENTO DOS TRABALHADORES DA CONSTRUÇÃO CIVIL NA CIDADE DE MONTEIRO-PB

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Moraes Sobrinho

    2017-01-01

    Full Text Available A construção civil é uma área que apresenta grande importância econômica para o país. A área de construção requer os mais variados tipos de conhecimentos e competências técnicas e conceituais. O objetivo deste trabalho foi analisar o nível de treinamento dos trabalhadores da construção civil em Monteiro-PB. A relevância do trabalho reside no fato d o treinamento ser uma estratégia que pode agregar vantagem competitiva às organizações e estimular a redução de possíveis patologias, bem como ajudar a reduzir custos e retrabalhos. A pesquisa, delineada como estudo de campo, utilizou entrevistas com gestores da construção da cidade de Monteiro-PB e formulários aplicados junto aos trabalhadores do nível operacional, para um diagnóstico mais preciso. Os dados foram coletados na primeira quinzena de março de 2016. Os dados apontam para a falta de capacitação, treinamentos e estímulos ao desenvolvimento para os trabalhadores da construção na região. Conclui-se que os gestores de obras de Monteiro-PB ainda não dão o devido valor ao desenvolvimento de competências que poderão conduzir suas empresas a maiores níveis de competitividade e que os trabalhadores ainda carecem de estratégias para sua formação e desenvolvimento profissional, o que pode, a médio prazo, afetar a sua empregabilidade.

  14. TREINAMENTO HIGIÊNICO-SANITÁRIO NA PRODUÇÃO LEITEIRA: ESTUDO DE CASO EM AGRICULTORES FAMILIARES NO SUDESTE DO PARANÁ

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Mattioda

    2012-02-01

    Full Text Available O objetivo do presente trabalho foi transferir informações a produtores de leite, por meio de treinamento higiênico-sanitário, e verificar se houve melhora na qualidade do leite através das analises do Contagem Bacteriana Total e Contagem de Células Somáticas. A primeira etapa desta pesquisa foi a seleção e caracterização das propriedades rurais leiteiras, trabalhadas como Unidade de Referência, através de questionários e visitas técnicas. O treinamento higiênico-sanitário foi feito com base em exigências estabelecidas na Instrução Normativa nº 51, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA. E, para a verificação da melhoria da qualidade do leite, fez-se a coleta de amostras de leite cru em cada Unidade de Referência, e encaminhadas para análise. Dessa forma, a pesquisa teve como resultados a melhora dos valores de Contagem Bacteriana Total e Contagem de Células Somáticas, podendo-se concluir que a transferência de informações e tecnologias por meio do treinamento higiênico-sanitário foi eficiente. Ressalta-se que os valores de células somáticas sofrem interferência de fatores externos, enquanto a Contagem Bacteriana Total teve maior redução dos valores, pois depende dos procedimentos realizados pelos ordenhadores.

  15. Influência do treinamento resistido na qualidade de vida de idosas com hipertensão arterial sistêmica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rudolfo Hummel Gurgel Vieira

    2012-02-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A hipertensão arterial sistêmica (HAS é um dos principais problemas de saúde pública em todo o mundo, afetando principalmente mulheres idosas. O hipertenso pode ter sua qualidade de vida (QV prejudicada em função das comorbidades inerentes à doença em questão. Dessa forma, o treinamento resistido (TR vem sendo cada vez mais recomendado como terapêutica não-farmacológica dessa moléstia, uma vez que contribui para redução de incapacidades em indivíduos com e sem doenças cardiovasculares. OBJETIVO: Avaliar a QV, dada pelos questionários genérico (SF-36 e específico (MINICHAL, em idosas hipertensas controladas submetidas a programa de treinamento resistido. MÉTODOS: O TR foi realizado durante oito semanas, três vezes por semana, em dias alternados. A intensidade do treinamento foi periodizada ao longo do treinamento. Para avaliação da QV, utilizaram-se os questionários SF-36 e MINICHAL, antes e após o programa de TR. Na análise estatística utilizaram-se os testes Kolmogorov-Smirnov para verificar a normalidade dos dados, bem como o t de Student, considerando significativo p < 0,05. RESULTADOS: A análise do SF-36 mostrou um aumento no valor médio de quase todas as variáveis analisadas, contrapondo-se apenas aos domínios aspectos sociais e saúde mental. Houve diferença significativa com relação ao estado geral de saúde (EGS (p = 0,02. Para o MINICHAL não foi observada diferença significativa nos domínios analisados, embora tenha apresentado redução do valor médio de todos os quesitos analisados. CONCLUSÃO: Nossos dados sugerem que o TR mostrou-se eficaz com relação ao domínio EGS pertencente ao SF-36. Em contrapartida, não foram evidenciadas alterações na QV das idosas quando avaliadas com o questionário específico MINICHAL.

  16. A interferência da posição corporal na transmissibilidade vibratória durante o treinamento com plataforma vibratória

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberta Pires Vasconcellos

    2014-10-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.5007/1980-0037.2014v16n6p597 O treinamento vibratório de corpo inteiro sobre plataformas vibratórias tem sido muito difundido nos contextos do treinamento físico, promoção da saúde e reabilitação física, sendo o posicionamento sobre a plataforma um dos fatores responsáveis pela transmissão das vibrações às estruturas corporais dos indivíduos. Desta forma, o objetivo geral deste estudo foi comparar as características das vibrações transmitidas às estruturas corporais de adultos em suas posições corporais em diferentes intensidades de vibração. Vinte sujeitos (10 homens e 10 mulheres com média de idade de 27,8 ± 2,9 anos, foram selecionados de forma intencional. Os dados foram adquiridos com acelerômetros triaxiais fixados ao corpo dos sujeitos sobre uma plataforma vibratória, nas frequências de 20, 35, 50 e 70Hz e amplitudes de deslocamento de 2,0; e 6,0mm, na posição estendida (PE e posição flexionada (PF. Foi aplicada estatística descritiva e inferencial (p≤0,05. Foram identificadas diferenças estatisticamente significativas na magnitude e transmissibilidade vibratória entre as posições corporais, em todas as intensidades analisadas, com maior atenuação das vibrações na PF, principalmente, durante a passagem dos estímulos vibratórios pelos membros inferiores. Pode-se concluir que a posição corporal adotada pelos sujeitos sobre a plataforma vibratória interfere diretamente na transmissibilidade das vibrações, sendo a PF a mais adequada para aplicação desse método de treinamento, por garantir uma melhor estabilidade corporal sobre a plataforma e promover uma atenuação mais efetiva das vibrações, evitando, assim, a ocorrência de acelerações indesejadas na cabeça.

  17. Investigação das alterações osteo-metabólicas e cardio-respiratórias ocorridas após o treinamento de marcha sob estimulação elétrica neuromuscular em pacientes tetraplégicos Investigation of osteometabolic and cardio-respiratory changes occurring after gait training under neuromuscular electric stimulation in quadriplegic patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela Cristina Leite de Carvalho

    2006-01-01

    Full Text Available Este trabalho objetivou avaliar o efeito do treinamento de marcha, com estimulação elétrica neuromuscular (EENM, nos sistemas esquelético e cardio-respiratório de tetraplégicos (C4-C8 completos. Consumo de oxigênio (VO2, produção de dióxido de carbono (VCO2, ventilação minuto (VE, freqüência cardíaca (FC, pressão arterial (PA, gasto energético, análise de marcadores ósseos (osteocalcina, fosfatase alcalina óssea, piridinolina e deoxipiridinolina e densitometria óssea (DEXA do colo femoral e fêmur total foram realizados no início e após seis meses. Onze pacientes realizaram marcha sobre esteira ergométrica, com EENM e descarga entre 60-70% do peso corporal, durante seis meses, duas vezes semanais, vinte minutos diários. Dez pacientes não realizaram marcha. No grupo de marcha, 81,8% apresentaram aumentos significativos nos marcadores de formação, dos quais 72,7% também apresentaram diminuição da reabsorção óssea. No grupo controle, 20% apresentaram aumento na formação óssea. Os resultados da DEXA foram, em geral, opostos àqueles dos marcadores ósseos. Os testes cardio-respiratórios mostraram um aumento significativo para VO2 l/min (36%, VCO2 (42,97%, VE (30,48%, PAS mmHg (4,8% e gasto energético kcal/min (37,68%. No grupo controle, apenas o VO2 l/min aumentou significativamente (26,29%. O treinamento de marcha com EENM foi mais eficiente para aumentar a taxa de formação óssea e a capacidade aeróbica dos tetraplégicos.This study was aimed to evaluate the effects of gait training with neuromuscular electric stimulation (NMES on skeletal and cardio-respiratory systems of full quadriplegic patients (C4-C8. Aerobic power (VO2, carbon dioxide production (VCO2, minute ventilation (VE, heart rate (HR, blood pressure (BP, energy consumption, bone markers analysis (osteocalcin, bone alkaline phosphatase, pyridinoline, and deoxypyridinoline and bone densitometry (DEXA of the femoral neck and total femur were

  18. Efeitos do treinamento concorrente na força e ativação muscular, capacidade aeróbica e em hormônios e esteróides em homens idosos

    OpenAIRE

    Eduardo Lusa Cadore

    2009-01-01

    O treinamento concorrente de força e endurance têm sido amplamente investigado em diversas populações. Contudo, poucos estudos compararam seus efeitos com o treino de força e endurance isolados em indivíduos idosos. Sendo assim, o objetivo desse estudo foi investigar os efeitos do treinamento concorrente na força e ativação muscular, capacidade de endurance e concentrações hormonais em homens idosos. Vinte e três homens saudáveis (65 ± 4 anos) foram divididos em 3 grupos: treino concorrente (...

  19. Influência do treinamento aeróbio e anaeróbio na massa de gordura corporal de adolescentes obesos

    OpenAIRE

    Fernandez,Ana Cláudia; Mello,Marco Túlio de; Tufik,Sérgio; Castro,Paula Morcelli de; Fisberg,Mauro

    2004-01-01

    O objetivo deste estudo foi verificar as influências do exercício aeróbio e anaeróbio na composição corporal de adolescentes obesos do sexo masculino. A amostra foi constituída de 28 adolescentes com idades entre 15 e 19 anos, que apresentavam obesidade grave. Os voluntários foram distribuídos aleatoriamente em três grupos: grupo I: exercício anaeróbio; grupo II: exercício aeróbio; e grupo III: controle. O grupo I realizou treinamento intervalado em cicloergômetro que consistiu de 12 "tiros" ...

  20. Insuficiência cardíaca por excesso de catecolaminas: influência do treinamento físico aeróbico associado à suplementação com leucina na musculatura esquelética

    OpenAIRE

    Wilson Max Almeida Monteiro de Moraes

    2011-01-01

    Alterações na musculatura esquelética (ME) como atrofia contribuem para intolerância aos esforços físicos e pior prognóstico na Insuficiência Cardíaca (IC). O treinamento físico é uma conduta capaz de atenuar esses efeitos na ME. Estratégias capazes de otimizar os efeitos do TF como a suplementação com aminoácidos são potencialmente terapêuticas. Assim, investigamos os efeitos da suplementação com leucina associada ou não ao treinamento físico aeróbico na função e morfologia da musculatura es...

  1. Resposta da taxa metabólica de repouso após 16 semanas de treinamento com pesos em mulheres na pós-menopausa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valéria Bonganha

    2011-10-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: As alterações corporais provenientes da menopausa como a diminuição da massa magra (MM, aumento e redistribuição da gordura corporal e diminuição do gasto energético de repouso, colaboram para o aumento nas dimensões corporais e subsequente aumento da massa corporal total. Nesse sentido, os benefícios reconhecidos do treinamento com pesos (TP não estão atrelados apenas ao aumento da força e hipertrofia muscular, mas também à composição corporal e, consequentemente, na taxa metabólica de repouso (RMR. OBJETIVO: Avaliar a resposta da RMR após 16 semanas de TP em mulheres na pós-menopausa. MÉTODOS: Participaram 28 voluntárias, subdivididas em dois grupos: treinamento (GT n = 17 e controle (GC n = 11. O programa de TP foi realizado em três sessões semanais, em dias alternados e com duração de aproximadamente 60 min/sessão, por 16 semanas. A intensidade da carga foi determinada por meio de zona alvo de repetições máximas (RM, com reajuste semanal de carga. O consumo de oxigênio (O2 e da produção de gás carbônico (CO2, por meio de calorimetria indireta de circuito aberto, foi utilizado para cálculo da RMR segundo equação de Weir (1949. ANÁLISE ESTATÍSTICA: Foi utilizado pacote estatístico Bioestat na versão 5.0, com nível de significância de p < 0,05. RESULTADOS: Houve aumento significante dos valores de MM e força muscular, somente no GT. Não foram encontradas diferenças significantes para os valores da RMR após a intervenção para ambos os grupos. CONCLUSÃO: O programa de TP de 16 semanas foi eficiente para promover alterações na composição corporal e força muscular de mulheres na pós-menopausa; entretanto, não houve alteração da RMR após a intervenção.

  2. Impacto da estimulação transcraniana por corrente contínua associada ao treinamento de marcha com pistas na mobilidade funcional na Doença de Parkinson

    OpenAIRE

    CLEMENTINO, Adriana Carla Costa Ribeiro

    2014-01-01

    A estimulação transcraniana por corrente contínua (ETCC) tem sido utilizada para aumentar a sensibilidade do cérebro para a terapia física. Entretanto, poucos estudos têm sido realizados para examinar essa possibilidade em Doença de Parkinson (DP). Portanto, a fim de obter um tamanho de efeito mais significativo na melhoria da mobilidade funcional em pacientes com DP, a ETCC foi associada com o treinamento de marcha por pistas visuais (TMP). Um estudo clínico piloto duplo-cego,...

  3. Periodização de treinamento para estudantes de ballet clássico na prevenção de lesões

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kamile Nienkotter de Paula Souza

    2016-07-01

    Full Text Available Objetivo: realizar uma periodização e analisar os índices de dor e lesão de bailarinas clássicas. Método: a amostra foi constituída por 10 bailarinas com idade entre 18 e 23 anos. Na caracterização da amostra, coletaram-se os dados de massa corporal e estatura, para cálculo do Índice de Massa Corporal (IMC. As avaliadas responderam a um questionário individual, contendo informações sobre a prática da dança e responderam o questionário nórdico. Iniciou-se o processo de treinamento com uma avaliação musculoesquelética, através do teste de impulsão horizontal, quantificação de força muscular e também foi realizado o teste de esforço máximo. Os treinos foram divididos em capacidade aeróbica, resistência e potência. O treinamento foi realizado duas vezes por semana, com duração de uma hora e trinta minutos, por um período de 5 meses. Para análise dos dados, realizou-se a estatística descritiva (média, desvio padrão e percentual, o teste de Shapiro-Wilk, para verificar a normalidade da amostra. O teste t de Student foi utilizado para comparação entre pré e pós-atividade e foi realizado o qui-quadrado para comparação da frequência percentual. Resultados: nas variáveis antropométricas não foram encontrados valores significativos entre pré e pós treinamento. Resultado semelhante ocorreu nas comparações da avaliação musculoesquelética, no teste de esforço máximo e na frequência cardíaca máxima. Ao contrário, nas porcentagens da distribuição de sintomas osteomusculares foi possível observar diferenças significativas entre pré e pós intervenção. Considerações finais: o treinamento periodizado, respeitando a individualidade biológica de cada individuo, foi capaz de produzir diminuição significativa nos índices de lesão e dor das bailarinas avaliadas.

  4. Efeito do treinamento aeróbio nos níveis de homocisteína em indivíduos diabéticos do tipo 2

    OpenAIRE

    Silva, Alexandre de Souza e; Lacerda, Fábio Vieira; Mota, Maria Paula Gonçalves

    2015-01-01

    INTRODUÇÃO: Os programas de treinamento aeróbio têm demonstrado bons resultados no controle das variáveis de risco cardiovascular em indivíduos diabéticos; no entanto, os efeitos nos níveis de homocisteína não estão claros. Objetivo: Analisar os efeitos do treinamento aeróbio nos níveis plasmáticos de homocisteína e fatores de risco cardiovascular em indivíduos diabéticos do tipo 2.MÉTODOS: Participaram do estudo 15 mulheres com diabetes do tipo 2 e média de idade 68,86 ± 11,2 anos. Todos os ...

  5. Programas de treinamento muscular respiratório: impacto na autonomia funcional de idosos Respiratory muscle training programs: impact on the functional autonomy of the elderly

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marilia de Andrade Fonseca

    2010-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar dois programas de treinamento muscular respiratório, na melhoria da autonomia funcional de idosos institucionalizados. MÉTODOS: Ensaio clínico experimental aleatorizado, realizado numa instituição de longa permanência, com 42 idosos, divididos em grupos: Grupo Threshold® (GT; n=14; idade 70,93±8,41, Grupo Voldyne® (GV; n=14; idade 70,54±7,73 e Grupo Controle (GC; n=14; idade 73,92±7,28. Os grupos GT e GV foram tratados com exercícios respiratórios e treinamento muscular com Threshold e Voldyne, respectivamente, e o GC realizou apenas exercícios respiratórios. O treinamento teve duração de 10 semanas. Para avaliação da autonomia funcional, foi utilizado o protocolo de GDLAM. RESULTADOS: Na comparação intragrupos (pré x pós-teste houve diferença significativa no GT para todos os testes (índice de GLDAM - IG: Δ %= -18,43, p=0,0001, com exceção do levantar da posição de decúbito ventral. No GV só houve diferença significativa (pOBJECTIVE: To compare two respiratory muscle training programs for improving the functional autonomy of institutionalized elderly. METHODS: Clinical randomized trial conducted at a long stay institution with 42 elderly volunteers that were divided into three groups: Group ® Threshold (GT with mean age (70.93 ± 8.41, Group Voldyne ® (GV (70.54 ± 7.73 and Control Group (CG (73.92 ± 7.28. Groups GT and GV were treated with breathing exercises and muscle training by Threshold and Voldyne, respectively while the CG did just breathing exercises. Training of groups took 10 weeks. To assess the functional autonomy, the elderly were evaluated before and after training, according to the GDLAM protocol. RESULTS: All intra-group comparison (pre x post-test showed a significant difference in GT for all tests (C10M: Δ% = -20.57, p = 0.0001; LPS: Δ% = -13.53, p = 0.020; VTC: Δ% = -27.96, p = 0.0001; LCLC: Δ% = -18.71, p = 0.0001 and IG:% Δ = -18.43, p = 0, 0001, except in LPDV

  6. Adaptações na força muscular, potência aeróbia e composição corporal de meninos submetidos a um programa de treinamento de força

    OpenAIRE

    Marcelo Morganti Sant'Anna

    2002-01-01

    Os efeitos do treinamento de força têm sido bem documentados em adultos. No entanto, existem controvérsias sobre a eficácia desta atividade em promover adaptações fisiológicas em crianças. O objetivo deste estudo foi investigar os efeitos de um programa de treinamento na força muscular, potência aeróbia e composição corporal de meninos. Participaram deste estudo 18 meninos (10 a 12 anos), pré-púberes, depois de serem submetidos a uma avaliação médica e seus pais terem assinado um termo de con...

  7. Treinamento físico intervalado como ferramenta na terapia cognitivo-comportamental do transtorno de pânico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Sardinha

    2011-01-01

    Full Text Available Este trabalho consiste no relato da utilização de um programa de exercícios físicos aeró-bicos intervalados no contexto da terapia cognitivo-comportamental em um caso de transtorno de pânico e agorafobia. São descritos os procedimentos utilizados, bem como os resultados positivos obtidos na redução da ansiedade cardíaca e na ansiedade cotidiana em relação a situações que exigem esforço físico.

  8. Banco de imagens mamográficas para treinamento na interpretação de imagens digitais Digital image database for mammography interpretation training

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvio Ricardo Pires

    2004-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Disponibilizar aos profissionais da radiologia um "software" para treinamento na interpretação de imagens mamográficas em sistemas digitais. MATERIAIS E MÉTODOS: Foi desenvolvido um "software" em Delphi associado a uma base de dados em Interbase, com a finalidade de armazenar imagens de exames mamográficos associados aos seus laudos em categorias BI-RADS®. As imagens foram previamente qualificadas e digitalizadas em "scanner" a laser Lumiscan 75. O treinamento se faz com imagens apresentadas em monitores comerciais de 17 polegadas, no tamanho 18 × 24 cm. O "software" permite visualizar cada projeção das mamas individualmente, médio-lateral oblíqua e crânio-caudal, ou as quatro imagens simultaneamente. Permite acessar as imagens e os laudos existentes ou interpretar as imagens utilizando o sistema de categorias BI-RADS®, em que o "software" compara o laudo do usuário com as informações do banco de dados, apontando acertos e erros da interpretação. RESULTADOS: O usuário adquire familiaridade com sistemas digitais, laudos em categorias BI-RADS® e aspectos de qualidade do processo gerador das imagens relativo à detecção de fibras e microcalcificações. CONCLUSÃO: O "software" disponível na intranet da Universidade Federal de São Paulo é ferramenta valiosa para os profissionais interessados em sistemas digitais.OBJECTIVE: To make a software available for training professionals in the interpretation of mammography images on digital systems. MATERIALS AND METHODS: The software was developed in Delphi and linked to a Interbase database to store mammographic images in association with the BI-RADS® category results. Images were previously qualified and digitized using a Lumiscan 75 laser scanner. Training is done on 18 × 24 cm images displayed on a 17² commercial monitor. The software allows displaying of each breast view individually, medial-lateral oblique and cranial-caudal views, or four images simultaneously

  9. Efeitos do treinamento intervalado em variáveis fisiológicas e na performance de ciclistas competitivos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    V.P. Costa

    2014-06-01

    Conclusão: Portanto, os três métodos de TI demonstraram que são necessárias de 6-8 sessões de treino durante um período de 4-6 semanas para se obter ganhos nas variáveis fisiológicas e na performance em ciclistas competitivos.

  10. Efeito do treinamento com haste vibratória na biomecânica da marcha com dupla-tarefa em idosas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camilla Zamfolini Hallal

    2014-12-01

    Full Text Available Introdução: As quedas em idosos são responsáveis por muitos casos de lesões e morte. As alterações de equilíbrio e força muscular decorrentes do envelhecimento, que contribuem para a ocorrência de quedas, podem ser parcialmente revertidas com o exercício físico. Objetivo: Verificar os efeitos de 8 semanas de treinamento de equilíbrio com haste vibratória, sobre o comprimento de passo e a ativação muscular do membro inferior de idosas durante marcha com duplas tarefas. Métodos: Participaram do estudo 16 idosas divididas aleatoriamente em dois grupos: grupo treinamento de equilíbrio (GTE e grupo de treinamento de equilíbrio com haste vibratória (GTEHV. A avaliação da marcha foi composta por três condições distintas que incluiram marcha em velocidade de preferencia e duplas tarefas. Foram coletados os dados eletromiográficos dos músculos reto femoral, vasto lateral, bíceps femoral, tibial anterior e gastrocnêmio lateral, e dados cinemáticos de comprimento de passo. Resultados: O GTEHV apresentou maiores valores de comprimento de passo após o treinamento. Ambos os grupos (GTE e GTEHV mostraram menores valores de ativação muscular após o treinamento. Conclusão: Os resultados sugerem que o treinamento de equilíbrio com haste vibratória pode ser eficaz para melhora do desempenho durante diferentes condições de marcha em idosos, contribuindo para a prevenção de quedas nesta população.

  11. Influência da suplementação de carboidrato na função imune de judocas durante o treinamento Influence of carbohydrate supplementation in the immune response of judoists during training

    OpenAIRE

    Edmar Lacerda Mendes; Ciro José Brito; Ellencristina Silva Batista; Carlos Henrique Osório Silva; Sérgio Oliveira de Paula; Antonio José Natali

    2009-01-01

    O objetivo deste trabalho foi investigar os efeitos da suplementação de carboidrato, durante uma sessão de treino, sobre a função imune de atletas de judô. Dezesseis judocas do sexo masculino foram submetidos a duas sessões de treinamento de 120 minutos cada, com três dias de intervalo entre elas. Na primeira sessão, oito judocas, separados de forma aleatória, foram suplementados (3mL/kg peso corporal) com solução carboidratada (grupo CHO) e os demais, com solução placebo (grupo PLA), de form...

  12. Efeitos do treinamento físico na resposta imunológica de ratos expostos à vincristina

    OpenAIRE

    Zorzi, Viviane Nogueira de; Sagrillo, Luiza Minato; Fighera, Michele Rechia; Royes, Luiz Fernando; Costa, Silvio Teixeira da; Silveira, Aron Ferreira da

    2015-01-01

    A Vincristina (VCR) é um quimioterápico amplamente utilizado na clínica. Alterações imunológicas são alguns dos efeitos do quimioterápico mais apresentados pelos pacientes. O presente estudo tem como objetivo avaliar se o exercício aeróbico prévio (6 semanas de natação, 1h/dia, 5 dias/semana, sobrecarga de 5% do peso corporal) poderia melhorar os déficits imunológicos em ratos Wistar posteriormente tratados com o quimioterápico Vincristina. A administração da Vincristina foi realizada com ...

  13. Efeito do treinamento aeróbio nos níveis de homocisteína em indivíduos diabéticos do tipo 2

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre de Souza e Silva

    2015-08-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Os programas de treinamento aeróbio têm demonstrado bons resultados no controle das variáveis de risco cardiovascular em indivíduos diabéticos; no entanto, os efeitos nos níveis de homocisteína não estão claros. Objetivo: Analisar os efeitos do treinamento aeróbio nos níveis plasmáticos de homocisteína e fatores de risco cardiovascular em indivíduos diabéticos do tipo 2.MÉTODOS: Participaram do estudo 15 mulheres com diabetes do tipo 2 e média de idade 68,86 ± 11,2 anos. Todos os indivíduos da amostra foram submetidos a um teste de avaliação do consumo máximo de oxigénio (VO2máx seguindo o protocolo de Bruce, avaliação da pressão arterial e avaliação antropométrica. Foi também efetuada uma coleta de 10 ml de sangue (veia antecubital em jejum de no mínimo 12 horas. O plasma foi separado e processado para posterior análise da concentração de homocisteína (mmol/l, colesterol total (mg/dl, lipoproteína de muito baixa densidade (VLDL (mg/dl, lipoproteína de baixa densidade (LDL (mg/dl, lipoproteína de alta densidade (HDL (mg/dl, triglicérides (mg/dl e glicemia (mg/dl. Os testes foram feitos antes e após 16 semanas de treinamento aeróbio. O programa foi realizado com 2 sessões de treinamento não consecutivas por semana, com intensidade compreendida entre 60% e 70% da frequência cardíaca máxima e duração de 75 minutos por sessão.RESULTADOS: Os resultados observados revelam que o programa de exercício físico induziu uma diminuição não significativa da concentração plasmática de homocisteína. Foram ainda identificadas melhorias do perfil lipídico e do Consumo Máximo de Oxigênio (VO2máx, diminuição da glicemia, da pressão arterial diastólica, do percentual de gordura e massa gorda.CONCLUSÃO: Conclui-se que o programa de treinamento aeróbio reduziu o risco cardiovascular em indivíduos diabéticos do tipo 2, embora a alteração da homocisteína não tenha sido significativa.

  14. Efeitos do aquecimento e do alongamento na resposta neuromuscular dos isquiotibiais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Felipe de Souza Nogueira

    2014-07-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A preparação para a atividade esportiva frequentemente envolve aquecimento e/ou alongamento, no intuito de prevenir lesões e/ou melhorar o desempenho. No entanto, a maneira como essas práticas podem interferir nos mecanismos neuromusculares de controle articular não é clara. OBJETIVO: Analisar o efeito imediato do alongamento e do aquecimento, isolados ou associados, no tempo de latência muscular (TLM e na amplitude de ativação dos isquiotibiais, após perturbações repentinas da articulação do joelho. MÉTODOS: Sessenta voluntários do sexo feminino (média de idade de 22,3 ± 1,7 anos e IMC 21,4 ± 1,3 kg/cm2 foram divididas aleatoriamente em quatro grupos: (1 controle, (2 aquecimento, (3 alongamento, (4 aquecimento + alongamento. A atividade elétrica dos isquiotibiais foi captada por eletromiografia de superfície durante uma perturbação súbita do joelho. Um eletrogoniômetro detectou o início da variação angular, enquanto os eletrodos captaram o início e a amplitude da atividade muscular antes e após as intervenções. Como procedimento estatístico utilizou-se ANOVA two-way e post-hoc de Tukey, considerando-se como nível de significância p < 0,05. RESULTADOS: O TLM do bíceps femoral e do semitendíneo foi reduzido nos grupos 3 (p = 0,048 e 0,027, respectivamente e 4 (p = 0,026 e 0,039, respectivamente. Não houve alteração significativa da amplitude de ativação muscular nos grupos avaliados. CONCLUSÕES: Os dados do presente estudo sugerem que, embora não tenham sido observadas alterações na amplitude eletromiográfica, o alongamento passivo e estático, utilizado de forma isolada ou associado ao aquecimento, promoveu uma redução do TLM dos isquiotibiais. Essa redução pode vir a ser um fator de proteção de lesões musculares e articulares, após uma perturbação súbita, como as que ocorrem na prática desportiva.

  15. Eletroestimulação neuromuscular na reabilitação da disfagia orofaríngea Neuromuscular electrical stimulation in the rehabilitation of oropharyngeal dysphagia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruno Tavares de Lima Guimarães

    2010-12-01

    Full Text Available A reabilitação da disfagia orofaríngea ganhou um novo instrumento terapêutico, a eletroestimulação neuromuscular (EENM, sendo que os mais renomados pesquisadores têm estudado a indicação e os resultados desta abordagem. O objetivo deste trabalho foi apresentar revisão bibliográfica sobre a aplicabilidade da EENM na reabilitação da disfagia orofaríngea. Realizou-se amplo levantamento bibliográfico em bases de dados, englobando as duas últimas décadas de pesquisa na área. Este artigo de revisão mostrou que ainda não há consenso sobre o uso da EENM na reabilitação da disfagia. Constatou-se que a maioria dos trabalhos descreveu o uso da EENM de forma isolada, não relatou as técnicas fonoaudiológicas associadas à eletroterapia e utilizou amostras heterogêneas que agrupavam disfagias orofaríngeas mecânicas e neurogênicas. Somente recentemente programas específicos têm sido delineados e testados em populações mais homogêneas.The rehabilitation of oropharyngeal dysphagia has a new therapeutic tool, the neuromuscular electrical stimulation (NMES, and the most renowned researchers have been studying the applicability and the results of this approach. The aim of this study was to present a literature review regarding the applicability of NMES in the rehabilitation of oropharyngeal dysphagia. An extensive literature review was carried out, considering the last two decades of research in the area. The review showed that there is still no consensus on the use of NMES in the rehabilitation of dysphagia. It was found that most studies described the use of NMES in isolation, did not describe the techniques associated with speech-language therapy associated to electrotherapy, and used heterogeneous samples that clustered mechanical and neurogenic oropharyngeal dysphagia. Only recently specific programs have been designed and tested in more homogeneous populations.

  16. Suplementação com alta dosagem de cafeína não afeta resistência à fratura óssea em ratas submetidas a treinamento de saltos verticais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gilton de Jesus Gomes

    2010-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: testar os efeitos de altas doses de cafeína na resistência óssea à fratura em ratas jovens submetidas a treinamento de saltos verticais. MÉTODOS: ratas jovens foram alocadas em 4 grupos (Fatorial 2 x 2, Cafeína e Exercício. Grupos Cafeína receberam 3 doses (10 mg/100 g m.c./semana. Grupos Exercício realizaram treino de saltos verticais na água, 5 sessões/semana, por 6 semanas. Avaliou-se o cálcio urinário, diâmetro, massa e resistência à fratura do fêmur. RESULTADOS: cafeína e exercício aumentaram a excreção de cálcio. Cafeína reduziu a massa femoral, mas não afetou sua resistência à fratura. Exercício aumentou o diâmetro e a resistência femoral à fratura. CONCLUSÃO: cafeína não prejudica a resistência óssea em ratas jovens enquanto saltos verticais fortalecem os ossos

  17. Leishmaniose tegumentar americana em centro de treinamento militar localizado na Zona da Mata de Pernambuco, Brasil American cutaneous leishmaniasis in military training unit localized in Zona da Mata of Pernambuco State, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sinval P. Brandão-Filho

    1998-12-01

    Full Text Available Um surto de leishmaniose tegumentar americana ocorreu em 1996 em unidade de treinamento militar situada na Zona da Mata de Pernambuco, com o registro de 26 casos humanos. Um inquérito epidemiológico foi realizado através da realização de levantamento entomológico e da aplicação do Teste de Montenegro. Lutzomyia choti apresentou predominância de 89,9% dos flebótomos identificados. De 545 homens que participaram de treinamentos no período, 24,1% (incluindo os casos clínicos foram positivo para o Teste de Montenegro.An outbreak of American cutaneous leishmaniasis has been occurred in military training unit localized in 'Zona da Mata' of Pernambuco State, Brazil, where were registered 26 human cases. An epidemiological survey was carried out by entomological investigation and Montenegro skin test (MST. Lutzomyia choti presents predominance (89.9% in sandflies identified. Out of 545 men who realized training activities were 24.12% positive to MST.

  18. Realidade virtual e suas aplicações na área de manufatura, treinamento, simulação e desenvolvimento de produto Virtual reality and its applications in manufacturing, training, simulation and product development

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Valerio Netto

    1998-08-01

    Full Text Available A realidade virtual é um ambiente gerado pelo computador em que o usuário tem disponibilidade de controles tridimensionais de maneira altamente interativa, podendo manipular e explorar dados em tempo real. A realidade virtual pode ser aplicada em diversos setores da indústria, desde o planejamento de fábricas, simulação da produção, auxílio na divulgação de produtos, treinamento de funcionários, validação de protótipos. Este artigo visa mostrar a flexibilidade da utilização da realidade virtual dentro das indústrias e dos centros de pesquisas, focando principalmente as áreas relacionadas a manufatura, desenvolvimento de produto e treinamento.Virtual reality is a computer-generated environment with highly interactive three-dimensional controls which allow the user to manipulate and examine data in real time. Virtual reality can be applied in a number of industry sectors, including factory planning, product simulation, product popularization, employee training and prototype validation. This article aims to show the flexibility of virtual reality in industry and in research centers, focussing mainly on areas related to manufacturing, product development and training.

  19. Comparação entre treinamento concorrente e corrida em piscina funda associados à orientação nutricional na perda de peso e composição corporal de indivíduos obesos = Comparison between concurrent training and running in deep water associated with nutritional counseling on weight loss and body composition in obese individuals

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Souza, Lisete Griebeler

    2014-01-01

    Conclusões: Os dois grupos submetidos a treinamento físico e intervenção nutricional apresentaram perda de peso e alteração positiva na composição corporal, sem predomínio de efeito entre os tipos de exercício

  20. Fatores relacionados com as respostas da testosterona e do cortisol ao treinamento de força Factors concerned with the testosterone and cortisol response to strength training

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eduardo Lusa Cadore

    2008-02-01

    Full Text Available Esse artigo visa revisar os resultados encontrados na literatura a respeito dos diversos fatores relacionados com a resposta hormonal aguda e crônica ao treinamento de força. Foi observado que existe uma estreita relação entre a treinabilidade de indivíduos submetidos ao treinamento de força e os níveis circulantes de testosterona nesses sujeitos. Além disso, outros parâmetros hormonais, tais como as razões entre a testosterona e sua proteína carreadora e entre a testosterona com o cortisol, também foram relacionados com a capacidade de aumento de força. Diversos fatores ligados à sessão de treino, além das características da população investigada, influenciam a resposta hormonal aguda e crônica ao treinamento. Entre esses fatores, o volume e a intensidade são as principais variáveis ligadas à magnitude dessa resposta. A determinação de quais fatores possam estar estreitamente relacionados com a resposta hormonal ao treinamento de força pode ser importante para o estabelecimento de uma sessão de treino e uma periodização que otimizem o ambiente anabólico determinado pelas concentrações de testosterona e cortisol, e, dessa forma, maximizar os ajustes neuromusculares decorrentes desse tipo de treinamento.This study aims to review the results found in the literature concerning a variety of factors related to the acute and chronic hormonal response to strength training. It has been observed that there is a close relationship between the trainability of individuals submitted to strength training and the circulating testosterone levels in these subjects. Moreover, other hormonal parameters, such as the ratios between testosterone and its binding protein and between testosterone and cortisol, were also related to the ability to increase strength. Besides the characteristics of the population investigated, several factors associated with the training session affect the acute and chronic hormonal response to training

  1. Efeitos de um programa de treinamento neuromuscular sobre o consumo máximo de oxigênio e salto vertical em atletas iniciantes de voleibol Los efectos de un programa de entrenamiento neuromuscular nel consumo máximo de oxígeno y salto vertical en atletas principiantes de voleyball Effects of a neuromuscular training program on the maximal Oxygen consumption and vertical jump in beginning volleyball players

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre Altini Neto

    2006-02-01

    Full Text Available As alterações ocorridas na performance motora de jovens envolvidos em treinamentos especializados ainda não são muito claras. Este é um conhecimento de suma importância para a correta prescrição desses treinos. O objetivo deste estudo foi verificar a influência do treinamento nas variáveis neuromotoras e orgânicas de jovens atletas na modalidade voleibol em diferentes momentos do programa. Foram selecionadas nove atletas, do sexo feminino, da equipe infantil, do Clube de Campo de Piracicaba/SP, na faixa etária de 14 e 15 anos, para a realização dos testes: alcance de ataque e bloqueio e o teste de 1.000 metros, com o objetivo de avaliar, em três momentos distintos, o programa de treino sugerido. Foram realizadas quatro coletas de dados, a primeira na apresentação das atletas, a segunda no final da etapa geral, a terceira no final da etapa especial e a última no final do período competitivo. No período preparatório foram utilizados exercícios com o objetivo de melhorar o desempenho das atletas na realização das ações motoras do jogo. No competitivo foram realizados exercícios com o objetivo de manter os índices de rendimento alcançados anteriormente, priorizando os exercícios coletivos envolvendo a técnica e a tática da modalidade. Com base na análise estatística dos dados, obtida através do cálculo da média, desvio-padrão, nível de significância (p Todavía no están claras las alteraciones de la actuaciones deportivas de juventud involucrada en entrenamientos especializados. Éste es un conocimiento de suma importancia para la prescripción correcta de los entrenamientos. El objetivo de este estudio fue verificar la influencia del entrenamiento en las variables neuromotoras y orgánicas de atletas jóvenes en la modalidad de voleyball en momentos diferentes de un programa. Se seleccionaron 9 atletas, mujeres, del equipo infantil, del Club de Campo de Piracicaba/SP, con edades de 14 y 15 años, para el

  2. Treinamento de natação na intensidade do limiar anaeróbio melhora a aptidão funcional de ratos idosos Swimming training at anaerobic threshold intensity improves the functional fitness of older rats

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Verusca Najara de Carvalho Cunha

    2008-12-01

    Full Text Available Os efeitos do treinamento aeróbio em intensidade relativa ao limiar de lactato (LL foram analisados em 15 ratos idosos (~448 dias de vida. Os grupos de animais treinados (n=9 e controle (n=6 foram submetidos a um teste antes e após quatro semanas de treinamento. O teste incremental consistiu de uma carga inicial de 1% do peso corporal e incrementos de 1% a cada três minutos, com mensurações de lactato sanguíneo para identificação do LL por inspeção visual do ponto de inflexão da curva. O programa de treinamento consistiu de 30 minutos de natação/dia, cinco dias/semana, com sobrecarga de 5% do peso corporal (PC, ou controle sem exercício. Foi observado aumento significativo na intensidade do LL após o treinamento (pré = 4,5 ± 1,1 vs. Pós = 5.4 ± 0.9% PC. A carga máxima atingida ao final do teste incremental aumentou significativamente de 39,7 ± 7,5g no pré para 48,4 ± 10,5g no pós treinamento, sem mudanças para o grupo controle (44,7 ± 8 vs. 45,3 ± 9,3g. O peso corporal do grupo treinado não apresentou diferença como resultado de quatro semanas de natação em intensidade correspondente ao LL (641,0 ±62,0 para 636,0 ± 72.7g; p>0.05. Por outro lado, o grupo não treinado aumentou significativamente o PC de 614,0 ± 8,0 para 643,0 ± 74,1g. A carga máxima atingida expressa tanto em valores absolutos como relativos (%PC aumentou significativamente após o treinamento. Conclui-se que quatro semanas de treinamento de natação em intensidade correspondente ao limiar de lactato resultou em uma melhora da aptidão aeróbia e na manutenção do peso corporal em ratos idosos.The effects of aerobic training at the lactate threshold (LT intensity were analyzed in fifteen older rats (~448 days old. Both the trained (n = 9 and control (n = 6 groups were submitted to an incremental exercise test before and after four weeks of training. The incremental exercise test consisted of an initial load of 1% BM and 1% increments at each

  3. Efeitos hemodinâmicos e vasculares do treinamento resistido: implicações na doença cardiovascular Hemodynamic and vascular effects of resistance training: implications for cardiovascular disease

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Umpierre

    2007-10-01

    Full Text Available O treinamento resistido tem sido proposto como possível estratégia para prevenção e reabilitação cardiovascular, e nesse contexto esta revisão descreve os efeitos cardiovasculares mediados por esse tipo de intervenção. O incremento tanto na força muscular quanto na capacidade para realização de tarefas do dia-a-dia são benefícios bem caracterizados ante esse tipo de treinamento. Mais recentemente, estudos que utilizaram a avaliação hemodinâmica verificaram estabilidade cardiovascular em pacientes com doença coronariana ou insuficiência cardíaca durante a realização de exercício resistido, sem aparentes prejuízos na função ventricular ou aumento exacerbado na pressão arterial ao exercício. Adicionalmente, a pressão arterial em repouso também parece ser influenciada pelo treinamento resistido crônico, apresentando leve redução tanto para a pressão arterial sistólica (PAS quanto para a pressão arterial diastólica (PAD. A mensuração dos níveis pressóricos após uma única sessão de exercício resistido demonstra ocorrência da hipotensão pós-exercício em indivíduos normais e hipertensos; contudo, há controvérsias quanto à intensidade de esforço necessária para indução desse efeito. Recentemente, estudos de intervenção têm investigado o exercício resistido sob o prisma vascular, avaliando a complacência arterial, assim como a função endotelial. Apesar dos poucos experimentos disponíveis, evidências têm demonstrado uma potencial influência do treinamento resistido sobre a redução da complacência arterial. Por sua vez, o fluxo sangüíneo periférico apresenta-se aumentado após o treinamento resistido, ao passo que a função endotelial parece melhorada especialmente após o treinamento combinado. Pesquisas adicionais são necessárias para análise da eficácia dessa intervenção sobre desfechos validados, e para aprofundamento de mecanismos fisiológicos responsáveis pelas adapta

  4. Influência da suplementação de carboidrato na função imune de judocas durante o treinamento

    OpenAIRE

    Mendes, Edmar Lacerda

    2007-01-01

    O objetivo deste trabalho foi investigar os efeitos da suplementação de carboidrato sobre a função imune de atletas de judô durante uma sessão de treino. Dezesseis judocas do sexo masculino, com idades 24,06 ± 2,59 anos e pesos 76,78 ± 9,42 kg (média ± desvio padrão), foram alocados de forma aleatória em dois grupos num delineamento experimental cross-over composto por duas sessões de treinamento de 120 minutos cada com três dias de intervalo entre elas. Cada grupo de atletas recebeu como tra...

  5. QualIM®: software para treinamento na interpretação de imagens médicas digitais QualIM®: a software for training in the reading of digital medical images

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvio Ricardo Pires

    2008-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Foi desenvolvido um software denominado QualIM® - Qualificação de Imagens Médicas para treinamento de profissionais na interpretação de exames digitais de mamografias utilizando ferramentas de manipulação de imagens, em monitores específicos, classificadas em BI-RADS®. MATERIAIS E MÉTODOS: O sistema, desenvolvido em Delphi 7, armazena as respostas da interpretação de imagens mamográficas durante o treinamento e compara aos dados inseridos denominados "padrão-ouro". O sistema contém imagens de computed radiography, direct radiography e digitalizadas. O software converte as imagens do computed radiography e direct radiography para o formato TIFF, mantendo as resoluções espacial e de contraste originais. Profissionais em treinamento manipulam o realce da imagem utilizando ferramentas de software (zoom, inversão, réguas digitais, outras. Dependendo da complexidade, são apresentadas até oito incidências mamográficas, seis imagens de ultra-som e duas de anatomopatológico. RESULTADOS: O treinamento iniciou em 2007 e atualmente faz parte do programa de residência em radiologia. O software compõe o texto, de forma automática, das informações inseridas pelo profissional, baseado nas categorias BI-RADS, e compara com a base de dados. CONCLUSÃO: O software QualIM é uma ferramenta digital de ensino que auxilia profissionais no reconhecimento de padrões visuais de uma imagem mamográfica, bem como na interpretação de exames mamográficos, utilizando a classificação BI-RADS.OBJECTIVE: A software called QualIM® - Qualificação de Imagens Médicas was developed for training of practitioners in the interpretation of digital mammograms classified according to BI-RADS® categories, utilizing images manipulation tools on state-of-the-art displays. MATERIALS ANDMETHODS: A Delphi 7-based system stores data resulting from mammographic findings interpretation during the training, comparing them with a golden-standard data

  6. Impacto do treinamento dos músculos do assoalho pélvico na qualidade de vida em mulheres com incontinência urinária Impact of pelvic floor muscle training on the quality of life in women with urinary incontinence

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fátima Faní Fitz

    2012-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o impacto do treinamento dos músculos do assoalho pélvico (TMAP na qualidade de vida (QV em mulheres com incontinência urinária de esforço (IUE. MÉTODOS: Ensaio clínico prospectivo com 36 mulheres com diagnóstico médico de IUE conrmado no estudo urodinâmico. Não foram incluídas mulheres com doenças neuromusculares, com uso de reposição hormonal e com prolapso grau III e IV. O protocolo de exercícios para os músculos do assoalho pélvico foi constituído de contrações lentas (bras tônicas, seguidas de contrações rápidas (bras fásicas, realizadas nas posições de decúbito dorsal, sentada e ortostática, três vezes na semana, por um período de três meses. Avaliou-se o impacto do TMAP na QV por meio do King's Health Questionnaire (KHQ, diário miccional e palpação digital para avaliar a função dos músculos do assoalho pélvico, durante a avaliação inicial e após os três meses de tratamento. O resultado foi descrito em médias e desvios-padrões. Utilizou-se o teste de Wilcoxon para comparação dos escores referentes ao KHQ para amostras pareadas, e adotou-se como nível de signicância o valor de 0,05. RESULTADOS: Observou-se diminuição signicativa das médias dos escores dos domínios avaliados pelos KHQ. Esses domínios consistem na percepção da saúde, impacto da incontinência, limitações das atividades diárias, limitações físicas, limitações sociais, relações pessoais, emoções, sono/disposição e também medidas de gravidade. Em concordância com esses resultados, foram observados diminuição signicativa na frequência urinária noturna e na perda urinária, bem como aumento signicativo na força e endurance muscular. CONCLUSÃO: O treinamento muscular do assoalho pélvico proporcionou melhora signicativa na QV de mulheres com IUE.OBJECTIVE: To evaluate the impact of pelvic floor muscle (PFM training on the quality of life (QOL in women with stress urinary incontinence

  7. Efeito agudo do método de facilitação neuromuscular proprioceptiva na flexibilidade de bailarinas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giane Andreia Souza Siqueira

    2013-11-01

    Full Text Available Objetivo: Verificar a resposta aguda do método de Facilitação Neuromuscular Proprioceptiva (FNP na flexibilidade e a influência das variáveis idade, peso, estatura em praticantes de Ballet Clássico. Método: A amostra foi composta por 11 bailarinas, com média de idade de 10,91 ± 0,79 anos praticantes regularmente de Ballet clássico duas vezes por semana com no mínimo de 5 anos de experiência. Foi utilizado o método de FNP nas bailarinas. Para avaliação da flexibilidade foi utilizado o Banco de Wells. Para analise estatística utilizou o teste de “t” de Student para amostras dependentes e análise de regressão Stepwise Forward com p≤0,05. Resultado:A diferença média de amplitude de movimento foi 4,81 ± 1,99 cm. Já a variável estatura demonstrou-se influenciar significativamente na flexibilidade. O método FNP demonstrou efeito agudo significativo na flexão de quadril em bailarinas.

  8. O grau de melhora na função das células progenitoras endoteliais derivadas da medula óssea é dependente do volume de treinamento físico aeróbio

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tiago Fernandes

    2013-08-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A angiogênese muscular esquelética induzida pelo treinamento físico aeróbio (TF é determinante na melhora da capacidade aeróbia. Entre os fatores envolvidos, as células progenitoras endoteliais (CPE derivadas da medula óssea são descritas por promoverem o reparo vascular e a angiogênese. Embora o papel do TF sobre os parâmetros das CPE tenha sido investigado, pouco se conhece sobre os efeitos de diferentes volumes de TF sobre a função das CPE da medula óssea, alterações metabólicas e capilarização muscular. OBJETIVO: Testar a hipótese de que o TF melhore a função das CPE da medula óssea, acompanhada por maior capilarização e capacidade oxidativa muscular dependentes do aumento de volume de TF. MÉTODOS: Vinte e uma ratas Wistar foram divididas em três grupos: sedentário controle (SC, treinado protocolo 1 (P1, treinado protocolo 2 (P2. P1: o treinamento de natação consistiu de 60 min, 1x/dia, cinco dias/semana/10 semanas, com 5% de sobrecarga corporal. P2: o mesmo de P1 até a oitava semana, na nona semana os animais treinaram 2x/dia e na 10ª semana 3x/dia. RESULTADOS: O TF promoveu bradicardia de repouso, aumento da tolerância ao esforço, do consumo de oxigênio de pico e da atividade da enzima citrato sintase muscular no grupo P1, sendo estas adaptações mais exacerbadas no grupo P2, indicando que a condição aeróbia foi mais proeminente com este TF. O TF melhorou a função das CPE da medula óssea em P1, sendo ainda maior esta resposta no grupo P2. Em paralelo, observa-se também um aumento no número de capilares dependentes do volume de TF. CONCLUSÃO: Estes resultados sugerem que a medula óssea como o principal reservatório de CPE é influenciada por diferentes volumes de TF, sendo possivelmente responsável pelo maior rendimento físico observado mediante uma maior mobilização endógena de CPE, participantes ativas no processo de angiogênese muscular induzido pelo TF.

  9. Efeitos da facilitação neuromuscular proprioceptiva na estabilidade postural e risco de quedas em pacientes com sequela de acidente vascular encefálico: estudo piloto Efectos de la facilitación neuromuscular propioceptiva en la estabilidad postural y riesgo de caídas en pacientes con secuela de accidente vascular encefálico: estudio piloto Effects of proprioceptive neuromuscular facilitation in postural stability and risk of falls in patients with sequelae of stroke: pilot study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Natália Noman de Lacerda

    2013-03-01

    Full Text Available O controle do tronco é uma habilidade motora básica necessária para executar diversas tarefas funcionais, e é deficiente em pacientes que sofreram acidente vascular encefálico (AVE. Objetivo: Avaliar o efeito do método facilitação neuromuscular proprioceptiva (PNF na estabilidade postural e risco de quedas em pacientes com sequela de AVE. Metodologia: Foi realizado estudo de intervenção que consistiu em treinamento da estabilidade postural por meio de um protocolo fixo constituído por 5 exercícios utilizando o método PNF, onde foram realizados 10 atendimentos com frequência de três vezes por semana e duração em média de 45 minutos, e para a avaliação dos desfechos, utilizou-se a escala de equilíbrio de Berg (EEB. Resultados: Foram atendidos 12 homens com hemiparesia à esquerda e no mínimo seis meses de evolução e observou-se diferença altamente significativa entre os valores pré e pós teste por meio da EEB (pEl control del tronco es una habilidad motora básica necesaria para realizar diversas tareas funcionales y es deficiente en los pacientes que han sufrido Accidente Vascular Encefálico (AVE. Objetivo: Evaluar el efecto del método de Facilitación Neuromuscular Propioceptiva (PNF en la estabilidad postural y riesgo de caídas en pacientes con secuela de Accidente Vascular Encefálico (AVE. Metodología: Se realizó un estudio de intervención que consistió en entrenamiento de la estabilidad postural por medio de un protocolo fijo compuesto por cinco ejercicios utilizando el método PNF, donde fueron realizadas 10 sesiones, con frecuencia de tres veces por semana y duración media de 45 minutos. Para la evaluación de los resultados, se utilizó la escala de equilibrio de Berg (EEB. Resultados: Fueron atendidos 12 hombres con hemiparesia izquierda con un mínimo de seis meses de evolución y se observó diferencia altamente significativa entre los valores pre y post test por medio de la EEB (pThe trunk control is

  10. A efetividade do equilíbrio neuromuscular na dor lombar -doi:10.5020/18061230.2008.p187

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elvira Alves Figueirêdo Neta

    2012-01-01

    Full Text Available Objetivo: Investigar a efetividade da técnica do equilíbrio neuromuscular (ENM na lombalgia e no ganho de movimento. Métodos: Foi realizado um estudo intervencionista em uma clínica privada de Fortaleza-Ce, no período de agosto a outubro de 2006, com 12 pacientes, com faixa etária de 20 a 55 anos de idade, sendo submetidos ao ENM duas vezes por semana. Resultados: Todos os pacientes (100% apresentaram alívio da dor e aumento da amplitude de movimento para flexão coxo-femoral, sendo este o movimento mais doloroso para 91,66% dos casos. Todos apresentaram teste de tensão neural positivo, permanecendo positivo em 7 pacientes. Ocorreu uma melhora significativa da dor (p= 0,001 e da amplitude da articulação coxo femoral (p= 0,002 comparando o 1o com o 5o atendimento. Mesmo com a dor reduzida em todos os pacientes, 7 (58,3% continuaram o tratamento para uma recuperação mais efetiva e prevenção de recidivas. Conclusão: O ENM alivia a dor e possibilita ganho de amplitude de movimento, sendo essencial, na reabilitação efetiva da lombalgia, a inclusão de outras técnicas fisioterápicas.

  11. Aspectos cinemáticos e neuromusculares relacionados com o desempenho da saída do bloco na natação Kinematical and neuromuscular aspects related to performance during the swimming start

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniele Detanico

    2011-12-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi relacionar o desempenho (distância e tempo de voo na saída de bloco com variáveis cinemáticas e neuromusculares. Participaram 10 nadadores do sexo masculino (26,4 ± 6,6 anos, 76,4 ± 6,6 kg, 1,81 ± 0,07 m de estatura. Utilizou-se uma câmera filmadora (30 Hz para a aquisição das variáveis cinemáticas, sendo analisadas: distância de voo, tempo de voo, altura máxima do quadril, ângulos de saída de bloco e entrada na água. Para a obtenção da potência muscular foi utilizado o "Squat Jump" realizado sobre uma plataforma de força. Foram obtidas as seguintes variáveis: altura do salto, potência e pico de velocidade. Utilizou-se estatística descritiva e correlação de Pearson para relacionar as variáveis neuromusculares e cinemáticas com o desempenho na saída de bloco, utilizando nível de significância de 5%. Encontrou-se correlação significativa do ângulo de saída com a distância (r = -0,59 e com o tempo de voo (r = 0,88, além da altura máxima com o tempo de voo (r = 0,59. Não foi observada correlação significativa da distância e do tempo de voo com as variáveis neuromusculares (p > 0,05. Com base nos resultados pode-se concluir que o desempenho na saída de bloco da natação foi relacionado com o ângulo de saída de bloco e com a altura máxima do quadril na fase aérea. A potência muscular não interferiu no desempenho nos nadadores investigados.The aim of this study was to investigate the association between the performance of the start off the swimming block with kinematical and neuromuscular parameters (flight distance and flight time. Ten male swimmers (26.4 ± 6.6 years, 76.4 ± 6.6 kg, 1.81 ± 0.07 m participated in the study. A video camera (30 Hz was used to obtain the kinematic variables: flight distance, flight time, maximum height, start angle and entry angle. Muscle power was assessed via the performance of a Squat Jump on a force plate. Jump height, power and peak of

  12. Influência do Treinamento Aeróbio nos Níveis de Homocisteína em um Indivíduo Diabético do Tipo 2: Estudo de Caso / Influence of Aerobic Training on Homocysteine Levels in a Type 2 Diabetic Subjects: Case Study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre de Souza E Silva

    2014-09-01

    Full Text Available Objetivo: O estudo teve como objetivo analisar a influência do treinamento aeróbio nos níveis de homocisteína de um indivíduo diabético tipo 2. Métodos: Para o estudo de caso foi recrutado um indivíduo diagnosticado com diabetes tipo 2 do gênero feminino, com 82 anos e elevados níveis de homocisteína no sangue. Foram coletados 10 mL de sangue em jejum, de no mínimo 12 horas, para avaliação dos níveis plasmáticos de homocisteína antes e após 16 semanas de programa de treinamento aeróbio. O treinamento ocorreu 2 vezes por semana e constituiu de 45 minutos de caminhada com intensidade de 60-70% da frequência cardíaca máxima. Resultados: Após o programa de treinamento observou-se que houve uma redução de 42,79% dos níveis de homocisteína encontrados no início do programa. Conclusão: Conclui-se que o programa de treinamento aeróbio pode diminuir os níveis de homocisteína em mulheres com diabetes do tipo 2. Objective: The study aimed to analyze the influence of aerobic training in homocysteine levels in an individual type 2 diabetic. Methods: For the case study was recruited an individual diagnosed with type 2 diabetes women aged 82 and high levels of homocysteine in the blood. The student has submitted the collection of 10mL of fasting blood for at least 12 hours for assessment of plasma homocysteine levels before and after 16 weeks of aerobic training program. Training took place 2 times a week, and made the 45 minute walk with an intensity of 60-70% of maximum heart rate. Results: After the training program we can see that there was a 42.79 % reduction in homocysteine levels found at the beginning of the program. Conclusion: We conclude that the program of aerobic training can decrease homocysteine levels in women with type 2 diabetes.

  13. Relevância da ultra-sonografia dos tendões flexores em cavalos Puro Sangue de corrida na adaptação ao treinamento Significance of flexor tendon ultrasonography in training thoroughbred horses

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina Roxana Greig

    2005-08-01

    Full Text Available Vinte e quatro potros Puro Sangue de Corrida (PSC, com dois anos de idade foram avaliados ultra-sonograficamente, durante o período final da doma e início de treinamento, através da imagem transversal dos tendões flexor digital superficial (TFDS e profundo (TFDP. As avaliações foram realizadas com intervalos de 15 dias. A área transversal (AT, a textura dos ecos e a ecogenicidade dos tendões foram avaliadas nas sete zonas da região metacarpiana através de um programa de mensuração de imagens do próprio aparelho de ultra-sonografia. Durante a doma e treinamento, houve diminuição da AT na zona IA e IIIA (PThe cross-sectional area (CSA of the superficial digital flexor tendon (SDFT and deep digital flexor tendon (DDFT of twenty four thoroughbreds was ultrasonographically evaluated before and during their initial training to determine the effect of exercise on the tendon CSA, texture and echogenicity to characterize the response to training. Ultrasonographic transverse images of the left forelimb were obtained every fifteen days. The SDFT CSA of zones IA and IIIA showed a decrease (P<0.05, f=0.010 e f=0.023 res. during the breaking and training period and an increase (P< 0.05 of zone IIIC (f=0.039. Evaluating just the training period, SDFT CSA results of zones IA, IIIA and IIIC were similar. The DDFT showed no variation during the breaking phase but when the training phase was evaluated there was a decrease (P<0.05 in zones IA (f=0.006 and IIIA (f=0.006. Evaluating both breaking and training periods the DDFT showed a decrease (P<0.05 in zones IA (f=0.027, IIIA (f=0.0001 and IIIB (f=0.0031. Fiber texture and tendon echogenicity showed no significant difference between breaking and last reading during training. This study provides evidence of variation of adaptation among the ultrasonographic zones of both SDFT and DDFT to exercise during training of thoroughbred horses. Ultra-sonography is not the most indicated method to evaluate the

  14. "A efetividade de um programa de treinamento vocal para operadores de telemarketing"

    OpenAIRE

    Andréa Gomes de Oliveira

    2005-01-01

    O objetivo deste estudo foi avaliar, de forma comparativa e multidimensional, a efetividade de um programa de treinamento vocal baseado em exercícios. Um total de 48 operadores, selecionados randomicamente, foram alocados em um grupo intervenção (N=14), que participou do treinamento durante oito semanas e um grupo controle (N=34). De acordo com as comparações pré e pós-treinamento, o grupo intervenção apresentou redução estatisticamente significante na medida de jitter (p=0,044). Não houve mu...

  15. Neuromuscular Disorders

    Science.gov (United States)

    Neuromuscular disorders affect the nerves that control your voluntary muscles. Voluntary muscles are the ones you can ... function and your ability to breathe. Examples of neuromuscular disorders include Amyotrophic lateral sclerosis Multiple sclerosis Myasthenia ...

  16. Neuromuscular Scoliosis

    Science.gov (United States)

    ... Radiation Exposure in Scoliosis Kyphosis Adolescent Back Pain Spondylolysis For Adolescents For Adults Common Questions & Glossary Resources ... Radiation Exposure in Scoliosis Kyphosis Adolescent Back Pain Spondylolysis For Adolescents For Adults Neuromuscular Scoliosis Neuromuscular scoliosis ...

  17. Influence of a physical training program on muscle strength, balance and gait velocity among women with osteoporosis Influência de um programa de treinamento físico na força muscular, no equilíbrio e na velocidade da marcha de mulheres portadoras de osteoporose

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    MC Aveiro

    2006-12-01

    Full Text Available OBJECTIVES: The trend towards increased life expectancy will certainly lead to increases in morbidity and mortality relating to osteoporosis. Because of the lack of well defined protocols on the intensity and frequency of easily performed physical exercises for Brazilian women, this study proposed to analyze the effects of a training program for ankle muscle strength, balance performance and gait velocity among women with a densitometric diagnosis of osteoporosis. METHODS: Twelve female volunteers (age 68.7 ± 2.7 years underwent physical evaluation and subsequent reevaluation after twelve weeks. The physical activity program was guided by a physical therapist, who conducted 60-minute sessions, three times a week for twelve weeks. Each training session included some stretching exercises, strengthening exercises for the ankle dorsiflexor and plantar-flexor muscles, with 50% of 10-repetition maximum (10-RM, and balance training. RESULTS: The variables analyzed regarding balance index, gait velocity and muscle strength presented significant improvement (p OBJETIVOS: A tendência de aumento na expectativa de vida certamente representará incrementos na morbidade e na mortalidade em eventos relacionados a osteoporose. Devido à falta de protocolos bem definidos na intensidade e freqüência de exercícios físicos, que sejam fáceis de se realizarem, para mulheres brasileiras, este estudo propôs analisar os efeitos de um programa de treinamento na força muscular do tornozelo, no equilíbrio funcional e na velocidade da marcha de mulheres com diagnóstico densitométrico de osteoporose. MÉTODOS: Doze mulheres voluntárias (idade 68,7 ± 2,7 foram submetidas à avaliação física e, posteriormente, reavaliadas após doze semanas. O programa de atividade física foi orientado por um fisioterapeuta, que trabalhou 60 minutos, 3 vezes por semana, por doze semanas. Cada sessão de treinamento incluiu alguns exercícios de alongamento, fortalecimento

  18. Influência das formas de carboidratos no treinamento físico e na supercompensação glicogênica de ratos Influence of carbohydrates forms of in physical training and glycogen overcompensation in rats

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hesses Marani Lima

    2003-06-01

    Full Text Available Foram utilizadas duas formas de carboidratos, sacarose e amido de milho no treinamento físico de ratos, tendo como base o método "clássico" de supercompensação de glicogênio, que inclui a depleção de glicogênio tecidual seguido pela carga de carboidratos. Os parâmetros analisados foram: ganho de peso corporal, conversão alimentar, eficiência alimentar, níveis teciduais de glicogênio muscular e hepático, glicose plasmática e lipídios totais séricos. Foram utilizados ratos machos Wistar, que consumiram dietas com carboidrato simples (CHOs e carboidrato complexo (CHOc. O experimento constituiu-se de três fases: 1ª Fase-adaptação ao meio líquido; 2ª Fase-treinamento, quando foi instalado o programa de treinamento físico. Nas Fases 1 e 2, os grupos receberam dietas contendo 75% de carboidratos e, finalmente, na 3ª Fase de “supercompensação de glicogênio”, fez-se uma alternância na concentração de carboidratos. Dando prosseguimento a essa fase, os grupos foram submetidos a um dia denominado "evento", quando todos os grupos de animais nadaram por 2 h 30 min. Ao término desse, foi monitorada a repleção dos depósitos teciduais de glicogênio nos seguintes tempos 0, 6, 12, 24, 48 e 72 horas. Pelos principais resultados, verifica-se que: (a o treinamento físico para ratos elevou os níveis teciduais de glicogênio; (b as formas de CHO simples (sacarose ou complexa (amido de milho não interferiram no glicogênio tecidual, glicose plasmática e lipídios totais séricos; (c a supercompensação de glicogênio promoveu armazenamento de glicogênio superior nos tecidos hepáticos dos ratos, quando comparados ao tecido muscular; (d após exercício extenuante, a maior repleção de glicogênio em todos tecidos ocorreu com 12 horas, consumindo dietas com carboidratos simples ou complexos; (e a forma complexa não proporcionou redução dos níveis de glicose sérica no pós-jejum de nove horas; (f com o avançar do tempo

  19. Treinamento muscular respiratório na revascularização do miocárdio Respiratory muscle training in patients submitted to coronary arterial bypass graft

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Graziella Ferreira Barros

    2010-12-01

    Full Text Available OBJETIVOS: 1 Evidenciar a perda de capacidade ventilatória no período de pós-operatório, em pacientes submetidos à revascularização do miocárdio. 2 Testar a hipótese de que o treinamento muscular respiratório (TMR, realizado após a cirurgia, pode melhorar a capacidade ventilatória nessa população. MÉTODOS: Estudo randomizado, onde 38 pacientes (idade: 65 ± 7 anos, 29 masculinos, submetidos à revascularização miocárdica com circulação extracorpórea, foram divididos em dois grupos: 23 pacientes no grupo TMR e 15 no grupo controle (CO. O grupo TMR realizou fisioterapia convencional + TMR, o grupo CO realizou apenas fisioterapia convencional. Avaliaram-se, em três momentos (pré-operatório, primeiro dia de pós-operatório e alta hospitalar, as variáveis: pressões inspiratória e expiratória máximas (Pimáx e Pemáx, dor, dispneia (Borg, pico de fluxo expiratório (PFE, volume corrente e dias de internação. RESULTADOS: A Pimáx do grupo TMR foi maior no momento da alta (90 ± 26 vs. 55 ± 38 cmH2O, P=0,01, assim como a Pemáx (99 ± 30 vs. 53 ± 26 cmH2O, P=0,02. O PFE do grupo TMR foi maior após a internação (237 ± 93 vs. 157 ± 102 lpm, P=0,02. O volume corrente dos grupos foi também diferente no momento da alta (TMR: 0,71 ± 0,21 vs. CO: 0,44 ± 0,12 litros, P=0,00. Não houve diferenças entre os grupos com relação aos dias de internação, dispneia ou dor. CONCLUSÕES: Ocorre perda de força muscular respiratória em pacientes submetidos à revascularização miocárdica. O TMR, realizado no período pós-operatório, foi eficaz em restaurar os seguintes parâmetros: Pimáx, Pemáx, PFE e volume corrente, nessa população.OBJECTIVES: 1 To demonstrate the impaired ventilatory capacity during the post operatory period, in patients submitted to coronary arterial bypass graft surgery (CABG. 2 To test the hypothesis that the respiratory muscle training (RMT, performed after the surgery, may increase the

  20. Relações da força muscular com indicadores de hipertrofia após 32 semanas de treinamento com pesos em mulheres na pós-menopausa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valéria Bonganha

    2010-06-01

    Full Text Available O objectivo do presente estudo foi avaliar o comportamento da força muscular e a participação dos indicadores de hipertrofia, nos ganhos de força após 32 semanas de treinamento com pesos (TP, prescrito por zona alvo de repetições máximas, em mulheres na pós-menopausa. Participaram desta pesquisa 14 mulheres saudáveis e não ativas fisicamente. O TP teve frequência semanal de três vezes, em dias alternados. A composição corporal foi mensurada pela técnica das dobras cutâneas. Os indicadores de hipertrofia foram representados pela massa magra total e regional: área muscular do braço (AMB e coxa (AMC. A força muscular foi avaliada pelo teste de uma repetição máxima nos exercícios leg press horizontal e rosca direta. Para análise estatística foi utilizado o teste de Friedman. Os resultados mostraram que a força muscular apresentou aumentos graduais e significantes durante a intervenção, que houve aumento da AMB e não houve diferença nos valores de AMC. A rosca direta mostrou forte associação com a AMB durante todos os momentos do estudo. Já o leg press pareceu estar mais efetivamente associado ao componente neural de ganhos de força, visto que a AMC não apresentou modificações significantes. Após 32 semanas de TP a força muscular aumentou significantemente, independentemente dos ganhos de massa magra.

  1. Estimulação elétrica neuromuscular na disfunção patelofemoral: revisão de literatura Neuromuscular electric stimulation in patellofemoral dysfunction: riterature review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Lucas dos Santos

    2013-02-01

    Full Text Available A disfunção femoropatelar é uma deficiência bastante comum entre indivíduos jovens que acomete, principalmente, o sexo feminino e pode ser caracterizada por dor, edema e creptação retropatelar. Sistematizar o conhecimento em relação ao aumento da força muscular do quadríceps e alívio de dor em pacientes com disfunção femoropatelar, através da utilização da estimulação elétrica neuromuscular e exercícios resistidos. Trata se de um estudo de revisão narrativa da literatura no período de 2005 a 2011. Os critérios de inclusão foram artigos de intervenção, dos últimos seis anos, nos idiomas inglês, espanhol e português, que utilizaram o fortalecimento muscular e a eletroestimulação neuromuscular para reabilitação obtidos através de buscas nos bancos de dados eletrônicos Medline, Lilacs e na biblioteca Bireme. A busca bibliográfica resultou em 28 referências, destes foram excluídos nove de acordo com os objetivos e critérios de inclusão e foram selecionados 16 artigos para leitura dos resumos e posterior análise. A Estimulação Elétrica Neuromuscular (EENM de média frequência pode ser utilizada associada a exercícios resistidos como coadjuvante no tratamento da disfunção femoropatelar (DFP, tanto para se obter um reequilíbrio muscular quanto para o alívio da dor.Patellofemoral dysfunction is a fairly common deficiency among young individuals that primarily affects females and may be characterized by pain, swelling and retropatellar crepitation. The purpose of this review of literature from the period between 2005 and 2011 was to systematize knowledge in relation to the increase in quadriceps muscle strength and pain relief in patients with patellofemoral dysfunction, using neuromuscular electrical stimulation and resistance exercises. The inclusion criteria were intervention articles from the past six years, in English, Spanish and Portuguese, which used muscle strengthening and neuromuscular

  2. Anestesia peribulbar com ropivacaína como alternativa ao bloqueio neuromuscular para facectomia em cães Peribulbar anesthesia with ropivacaine as an alternative to neuromuscular blocking agents for cataract surgery in dogs

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    V.N.L.S. Oliva

    2010-06-01

    Full Text Available Desenvolveu-se uma técnica de bloqueio peribulbar comparando-a à técnica de anestesia oftálmica com bloqueio neuromuscular parcial em cães submetidos à facectomia extracapsular. Doze cães, de diferentes raças, foram alocados em dois grupos (G1 e G2 e anestesiados com acepromazina (0,05mg/kg, IV e propofol (5mg/kg, IV e mantidos com isofluorano sob ventilação espontânea. Os cães do G1 receberam o bloqueio peribulbar com ropivacaína 0,75%, e os do G2 o bloqueio neuromuscular parcial com brometo de pancurônio (0,01mg/kg, IV. Utilizaram-se, como parâmetros comparativos, escores de posicionamento do globo ocular, controle do reflexo oculocardíaco e pressão intraocular (mmHg. Foi possível propor uma técnica eficaz para cães baseando-se na técnica de bloqueio peribulbar posterior realizada no homem. Em ambos os grupos, o globo ocular permaneceu centralizado. Não ocorreram alterações eletrocardiográficas atribuídas ao reflexo oculocardíaco. Houve redução significativa da pressão intraocular em G1 após o bloqueio (10,7±0,6 e 14,7±0,6. Conclui-se que o bloqueio peribulbar proporcionou condições cirúrgicas apropriadas para a realização da facectomia, com a vantagem de promover bloqueio sensitivo do olho.A peribulbar block technique was developed and its clinical efficacy was compared with neuromuscular blockade in dogs undergoing cataract surgery. Twelve dogs of different breeds were randomly and equally allocated in two groups. After given acepromazine (0.05mg/kg, IV, anesthesia was induced with propofol (5mg/kg, IV and maintained with isoflurane in oxygen during spontaneous breathing. A peribulbar block with 0.75% ropivacaine was performed in G1 dogs while partial neuromuscular blockade with pancuronium (0.01mg/kg IV was provided in G2 dogs. Globe position scores, oculocardiac reflex, and intra-ocular pressure (mmHg were evaluated at pre-defined intervals during surgery. Peribulbar blocks were successful performed

  3. Facilitação neuromuscular proprioceptiva na doença de Parkinson: relato de eficácia terapêutica

    OpenAIRE

    Santos,Taciana Batista dos; Peracini,Talita; Franco,Paula Magro; Nogueira,Renata Licursi; Souza,Luciane Aparecida Pascucci Sande de

    2012-01-01

    INTRODUÇÃO: A Facilitação Neuromuscular Proprioceptiva (FNP) está entre as várias opções de tratamento fisioterapêutico para que o paciente com doença de Parkinson (DP) possa atingir uma função motora eficiente, porém poucos estudos exploram os efeitos dessa abordagem nessa população. OBJETIVOS: Com base no exposto, o presente estudo teve como objetivo explorar os efeitos de uma intervenção fisioterapêutica baseada na FNP em sujeitos DP. MATERIAIS E MÉTODOS: Foram estudados quatro sujeitos co...

  4. HIV/AIDS e Treinamento Concorrente: a Revisão Sistemática HIV/Aids and Concurrent Training: Systematic Review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre Ramos Lazzarotto

    2010-04-01

    Full Text Available O uso da terapia anti-retroviral combinada (TARV aumentou a expectativa de vida dos portadores do vírus da imunodeficiência humana (HIV e, como conseqüência, torna-se constante o estudo do processo fisiopatológico da infecção e das estratégias de intervenção que possam melhorar a qualidade de vida destes indivíduos. O treinamento concorrente, definido como a associação dos componentes aeróbios e força na mesma sessão de exercícios pode ser inserido neste contexto. O objetivo deste artigo é revisar os aspectos centrais da infecção pelo HIV e as evidências existentes sobre o treinamento concorrente com séries múltiplas e simples nos parâmetros imunológico, virológico, cardiorrespiratório e neuromuscular de pessoas infectadas pelo HIV. O método utilizado foi uma revisão sistemática, com artigos publicados entre 2000-2007, nas bases de dados scielo e pubmed e também em dissertações e teses da biblioteca digital da educação física, esporte e saúde. As evidências científicas encontradas nos 8 estudos analisados indicam que o treinamento concorrente, tanto com séries múltiplas quanto séries simples, melhora os parâmetros cardiorrespiratório e neuromuscular; no entanto, os resultados dos parâmetros imunológico e virológico ainda não estão completamente esclarecidos, principalmente sobre os protocolos com séries simples. Considerando o número restrito de trabalhos apresentados, sugere-se o desenvolvimento de estudos com treinamento concorrente em vários desfechos clínicos para pessoas infectadas pelo HIV.The highly active antiretroviral therapy (HAART increased life expectancy in individuals infected with the human immunodeficiency virus (HIV. Alternative strategies have been used in order to improve their quality of life and minimize the HAART effect; among these we can name physical exercise. Concurrent training, the combination of aerobic and strength training in the same exercise session, is used

  5. Effect of the nandrolone decanoate on the efficiency of spermatogenesis of sedentary rats and rats subjected to physical training = Efeito do decanoato de nandrolona na eficiência da espermatogênese de ratos sedentários e submetidos ao treinamento físico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcela de Paiva Foletto

    2010-01-01

    Full Text Available Spermatogenesis is a complex, highly organized and coordinated process that results in the production of male gametes. This process is influenced by a number of drugs that enhance physical performance, which have been used mainly by young people, athletes or not, seeking to gain athletic performance or only a prominent social position. The objective of this study was to evaluate the effects of the anabolic steroid nandrolone decanoate on the efficiency of spermatogenesis in sedentary rats and rats subjected to physical training. Twenty-four male rats were divided into four experimental groups: sedentary control, sedentary treated, trained control and trained treated. Treated animals received intramuscular injection of nandrolone decanoate (0.5 mg kg-1 body weight during the last four weeks of physical training. The training program consisted of running on a programmable ergometer treadmill, tailored to train eight rats simultaneously, for nine weeks. We evaluated the morphological and morphoquantitative profiles of the male reproductive system. The results showed that the treatment causes a reduction in the efficiency of spermatogenesis; however, when associated with physical training, this compensates for the anabolic action, keeping the process of spermatogenesis within normality.A espermatogênese é um processo complexo, altamente organizado e coordenado, que resulta na produção dos gametas masculinos. Este processo é influenciado por uma série de drogas potencializadoras do desempenho físico, as quais têm sido utilizadas principalmente, por jovens, atletas ou não, que buscam adquirir maior desempenho esportivo ou mesmo apenas uma posição de destaque na sociedade. O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos do anabolizante esteroide decanoato de nandrolona na eficiência da espermatogênese de ratos sedentários e submetidos ao treinamento físico. Foram utilizados 24 ratos machos divididos em quatro grupos experimentais: sedent

  6. Efeitos da natação e do treinamento resistido na densidade mineral óssea de mulheres idosas Effects of swimming and resistance training on bone mineral density of older women

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Kemper

    2009-02-01

    Full Text Available Exercícios com impacto como caminhada, saltos, corridas e exercícios resistidos são muito utilizados para prevenção da perda óssea em idosas. No entanto, poucos são os estudos que relatam os efeitos da natação na manutenção da massa óssea em mulheres idosas. Portanto, o objetivo deste estudo foi comparar os efeitos da natação com o treinamento resistido na densidade mineral óssea (DMO de mulheres idosas. Vinte e três mulheres com idade média de 63,9 ± 6,49 anos foram divididas em dois grupos: 1 grupo natação (NAT, n = 13, que treinou em intensidade entre 60 e 90% da freqüência cardíaca de reserva; 2 grupo treinamento resistido (TR, n = 10, que treinou os principais grupamentos musculares com três séries a 80% de 1RM. Os dois grupos praticaram três vezes por semana com uma hora de duração para cada sessão, durante seis meses. A DMO do colo do fêmur e da coluna lombar (L2-L3-L4 foi mensurada através de DXA antes (T0 e após seis meses de treino (T6. Os resultados mostraram que as médias para a DMO lombar em T0 (0,9250 ± 0,1506g/cm² e T6 (0,9303 ± 0,1269g/cm² para o NAT e em T0 (0,9739 ± 0,1249g/cm² e T6 (0,9737 ± 0,1317g/cm² para o TR não foram diferentes quando comparadas intra ou intergrupos. De modo similar, não houve diferenças entre a DMO do colo do fêmur em T0 (0,7784 ± 0,1523g/cm² e T6 (0,7905 ± 0,1610g/cm² para o NAT e T0 (0,7546 ± 0,1360g/cm² e T6 (0,7522 ± 0,1421g/cm² para o TR. Os resultados deste estudo não demonstraram diferenças na DMO entre NAT e TR após seis meses de treino; e que tanto TR quanto NAT não produzem aumentos significativos na DMO de mulheres idosas nesse período.Impact exercises like walking, jumping, running and resistance exercises are largely used to prevent bone loss in older women; however, few studies report the benefits of swimming to bone tissue. Therefore, the purpose of this study was to compare the effects of swimming with resistance training on bone

  7. Estudo de algoritmos com chaveamento para o treinamento de redes neurais artificiais em problemas de reconhecimento de padrões

    OpenAIRE

    Eduardo de Azevedo Botter

    1996-01-01

    Este trabalho visa estudar o efeito da inclusão de técnicas de chaveamento no treinamento de Redes Neurais Artificiais do tipo feedforward observando se tais técnicas de treinamento produzem Redes Neurais Artificiais mais tolerantes a perdas de unidades escondidas. Apresentamos também, um estudo comparativo dos algoritmos de treinamento Back-Propagation e Filtro de Kalman Estendido na sua forma original e com a presença da técnica de chaveamento. No final é apresentado um exemplo prático de u...

  8. TREINAMENTO FÍSICO-LESÕES E PREVENÇÃO: UM ESTUDO COMPARATIVO DA ROTINA DE JUDOCAS E BAILARINOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Larissa de Oliveira

    2017-05-01

    Full Text Available Este artigo destaca a importância das atividades físicas preventivas, com acompanhamento de fisioterapeuta, para evitar lesões causadas por sequências de treinamento físico intensivo. A partir de estudo de caso, de caráter qualitativo e comparativo, com judocas e bailarinos que treinam na cidade de São José dos Campos, conclui-se que o treinamento dado aos atletas do judô prioriza menos a prevenção do que o treinamento que é proporcionado às bailarinas e bailarinos.

  9. Treinamento aerobio e resistido, qualidade de vida e capacidade funcional de hipertensas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thais Inacio Rolim Povoa

    2014-01-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Pacientes hipertensos podem apresentar comprometimento da qualidade de vida (QV e da qualidade de vida relacionada à saúde (QVRS, tanto pela hipertensão arterial (HA, quanto pelos eventuais efeitos adversos do tratamento. Exercícios físicos, aeróbios e resistidos, melhoram a performance cardiorrespiratória e neuromuscular, mas há poucas evidências sobre seus efeitos na QV, QVRS e capacidade funcional (CF em mulheres hipertensas. OBJETIVO: Avaliar e comparar os efeitos dos treinamentos aeróbio e resistido sobre a QV, QVRS e a capacidade funcional em hipertensas. MÉTODOS: Ensaio clínico randomizado, cego, com total de 18 sessões de exercícios. Foram incluídas mulheres hipertensas sob tratamento medicamentoso, não participantes de programas de exercícios, com 50 anos de idade ou mais, que não apresentaram arritmias e/ou alterações isquêmicas em teste ergométrico (protocolo de Bruce. A amostra foi randomizada como segue: grupo aeróbio (GA (n = 21 e grupo resistido (GR (n = 20. Intensidade GA: leve a moderada (Escala de Borg adaptada; GR: até 50-65% de 1 RM. Duas séries com 12 a 15 repetições. Antes e após a intervenção foram aplicados os questionários WHOQOL-bref (QV e SF-36 (QVRS e realizado o teste de caminhada de 6 minutos (TC6` para avaliar a CF. Estatística: testes Shapiro-Wilk, t de Student, Fisher, U de Mann-Whitney e Wilcoxon. Nível de significância: p 0,05. Após a intervenção houve melhora significativa em todos os domínios do WHOQOL-bref no GA e no GR houve melhora no domínio aspectos físicos. No SF-36, constatou-se melhora significativa em sete de oito domínios tanto no GA quanto no GR. Capacidade funcional: verificou-se melhora nos dois grupos (p < 0,001. CONCLUSÃO: Os dois tipos de treinamento melhoraram a QV e a CF e, dependendo dos objetivos estabelecidos, ambos podem ser eficazes.

  10. Neuromuscular Scoliosis

    Science.gov (United States)

    ... irregular spinal curvature caused by disorders of the brain, spinal cord, and muscular system. Nerves and muscles are unable to maintain appropriate balance / alignment of the spine and trunk. Neuromuscular curves are often associated with pelvic obliquity, ...

  11. Influência da suplementação de carboidrato na função imune de judocas durante o treinamento Influence of carbohydrate supplementation in the immune response of judoists during training

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edmar Lacerda Mendes

    2009-02-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi investigar os efeitos da suplementação de carboidrato, durante uma sessão de treino, sobre a função imune de atletas de judô. Dezesseis judocas do sexo masculino foram submetidos a duas sessões de treinamento de 120 minutos cada, com três dias de intervalo entre elas. Na primeira sessão, oito judocas, separados de forma aleatória, foram suplementados (3mL/kg peso corporal com solução carboidratada (grupo CHO e os demais, com solução placebo (grupo PLA, de forma duplo-cega. Na segunda sessão os tratamentos foram invertidos. O número de leucócitos, linfócitos, monócitos, eosinófilos, neutrófilos, os níveis de cortisol e as concentrações de glicose e lactato foram medidos em repouso (Pré-E, imediatamente após (Pós-E e uma hora após o término da sessão de treino (1h pós-E. Os resultados mostraram que a glicemia aumentou (p The aim of this study was to investigate the effects of carbohydrate supplementation on the immunological function of judoists during a training session. Sixteen male judo athletes were submitted to two 120 min training sessions within 3 days interval. In the first session eight athletes randomly chosen were supplemented (3mL/kg body weight with a carbohydrate solution (CHO group while the others ingested a placebo solution (PLA group in a randomized and double blind way. In the second session, treatments were inverted. Leukocyte, lymphocyte, monocyte, eosinophil and neutrophil were counted and blood levels of cortisol, glucose and lactate were assessed at rest (Pre-E, immediately after the training session (Post-E and one hour after the training session (1h Post-E. The results showed that the blood glucose levels increased during the training session when athletes were given CHO and decreased when they ingested PLA. Cortisol levels increased during the training session in both conditions and decreased 1h Post-E. Athletes consuming CHO presented a reduced number of

  12. Shyness and boldness in greater rheas Rhea americana Linnaeus (Rheiformes, Rheidae: the effects of antipredator training on the personality of the birds Timidez e coragem em emas Rhea americana Linnaeus (Rheiformes, Rheidae: os efeitos do treinamento anti-predação na personalidade das aves

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristiano S. de Azevedo

    2006-03-01

    defensivos de animais nascidos em cativeiro por vários pesquisadores ao redor do mundo. Para emas, Rhea americana (Linnaeus, 1758, este tipo de estudo é pioneiro. Neste estudo, foi investigado se existe relação entre a personalidade e a performance das emas no treinamento anti-predação. Também foi investigado se o treinamento influencia o comportamento das aves quando apresentadas a novos objetos. Foram estudadas 15 emas nascidas em cativeiro, através de 16 testes de personalidade, sendo oito antes da aplicação do treinamento anti-predação e oito após sua aplicação. Foram apresentados às emas quatro novos objetos (bola, caixa, saco e pessoa e anotados os comportamentos exibidos e a distância das aves em relação aos objetos. O treinamento anti-predação modificou significativamente o comportamento das emas, tornando-as mais cuidadosas em relação à novas situações. A personalidade afetou o comportamento das aves durante o treinamento anti-predação. O estudo da personalidade dos animais pode ser uma ferramenta útil em programas de reintrodução, uma vez que ajuda na escolha de qual animal tem maior chance de sobrevivência ao ser solto.

  13. Efeito na Ressuscitação Cardiopulmonar utilizando treinamento teórico versus treinamento teórico-prático Efecto en la Resucitación Cardiopulmonar utilizando entrenamiento teórico versus entrenamiento teórico-prático Effects of the use of theoretical versus theoretical-practical training on Cardiopulmonary Resuscitation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Heberth César Miotto

    2010-09-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: O conhecimento teórico e a habilidade de realizar ressuscitação cardiopulmonar (RCP de qualidade são essenciais para a sobrevida do paciente vítima de morte súbita. OBJETIVO: Determinar se o ensino apenas teórico é capaz de promover o ensino da RCP de boa qualidade e conhecimento em profissionais da área da saúde comparado com curso teórico-prático de suporte básico de vida. MÉTODOS: Vinte enfermeiras voluntárias participaram do treinamento teórico de RCP e desfibrilação externa automática (DEA utilizando aula teórica e vídeo usado nos cursos de Suporte Básico de Vida da American Heart Association (BLS-AHA; grupo A. Foram comparadas com 26 alunos profissionais da saúde que participaram de um curso regular teórico-prático de BLS-AHA (grupo B. Após os cursos, os participantes foram submetidos à avaliação teórica e prática como recomendado nos cursos do BLS-AHA. As avaliações práticas foram gravadas e posteriormente pontuadas por três instrutores experientes. A avaliação teórica foi um teste de múltipla escolha usada nos cursos regulares do BLS-AHA. RESULTADOS: Não houve diferença na avaliação teórica (p = ns, entretanto a avaliação prática foi consistentemente pior no grupo A, evidenciado pelos três examinadores (p FUNDAMENTO: El conocimiento teórico y la habilidad de realizar resucitación cardiopulmonar (RCP de calidad son esenciales para la sobrevida del paciente víctima de muerte súbita. OBJETIVO: Determinar si la enseñanza sólo teórica es capaz de promover la enseñanza de la RCP de buena calidad y conocimiento en profesionales del área de salud comparado con curso teórico-práctico de soporte básico de vida. MÉTODOS: Veinte enfermeras voluntarias participaron del entrenamiento teórico de RCP y desfibrilación externa automática (DEA utilizando clase teórica y video usado en los cursos de Soporte Básico de Vida de la American Heart Association (BLS-AHA; grupo A. Fueron

  14. Efeito do treinamento combinado e aeróbio no controle glicêmico no diabetes tipo 2

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antônio Renato Pereira Moro

    Full Text Available INTRODUÇÃO: O diabetes tipo 2 é um grupo heterogêneo de doença metabólica causada por uma disfunção na secreção da insulina e/ou ação desta. OBJETIVOS: Comparar o efeito de duas modalidades de treinamento, o combinado (aeróbio e resistido e o aeróbio, no controle glicêmico no diabetes tipo 2. MATERIAIS E MÉTODOS: A pesquisa caracteriza-se por ser um estudo quase-experimental. Após aprovação do CEP, com registro 09.071.4.08. III, deu-se início ao programa de treinamento combinado e aeróbio. Foram selecionados 24 participantes, de ambos os gêneros, sedentários, com média de idade de 60,41 ± 7,87. Os participantes foram divididos aleatoriamente em dois grupos: treinamento combinado (n = 12 e treinamento aeróbio (n = 12; ambos foram avaliados no início e final do estudo. A concentração sérica de glicose foi determinada pelo sistema Vitros e a hemoglobina glicosilada foi determinada pelo método Cromatografia Líquida de Alta Performance. O treinamento foi realizado três vezes por semana, com duração total de 20 semanas. Os dados são expressos em média e desvio-padrão. Foi aplicado o teste t pareado (p < 0,05 para comparar a média basal e após 20 semanas de treinamento. RESULTADOS: A média da glicose em jejum do treinamento combinado reduziu significativamente, de 167,41 ± 38,13 para 119,83 ± 20,91, sendo que o mesmo ocorreu com o treinamento aeróbio de 189,83 ± 63,57 para 139,91 ± 34,04. Os valores da hemoglobina glicosilada no treinamento combinado e treinamento aeróbio reduziram significativamente, de 8,61 ± 1,17 para 7,25 ± 1,24 e de 9,52 ± 2,46 para 8,37 ± 1,50, respectivamente. CONCLUSÃO: O treinamento combinado foi mais eficaz em relação à hemoglobina glicosilada e o treinamento aeróbio, na glicose plasmática.

  15. Doenças neuromusculares Neuromuscular disorders

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Umbertina C. Reed

    2002-08-01

    Full Text Available Objetivo: apresentar os dados essenciais para o diagnóstico diferencial entre as principais doenças neuromusculares, denominação genérica sob a qual agrupam-se diferentes afecções, decorrentes do acometimento primário da unidade motora (motoneurônio medular, raiz nervosa, nervo periférico, junção mioneural e músculo. Fontes dos dados: os aspectos clínicos fundamentais para estabelecer o diagnóstico diferencial entre as diferentes doenças neuromusculares, bem como entre estas e as causas de hipotonia muscular secundária ao comprometimento do sistema nervoso central ou a doenças sistêmicas não-neurológicas, são enfatizados, com base na experiência clínica vinda do atendimento a crianças com doenças neuromusculares durante os últimos 12 anos, no ambulatório de doenças neuromusculares do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina, da Universidade de São Paulo. A revisão bibliográfica foi efetuada através do Medline e do periódico Neuromuscular Disorders, publicação oficial da World Muscle Society. Síntese dos dados: nas crianças, a maior parte destas afecções é geneticamente determinada, sendo as mais comuns a distrofia muscular progressiva ligada ao sexo, de Duchenne, a amiotrofia espinal infantil, a distrofia muscular congênita, a distrofia miotônica de Steinert, e as miopatias congênitas, estruturais e não estruturais. Polineuropatias hereditárias, síndrome miastênica congênita e miopatias metabólicas são menos comuns, porém mostram correlação geno-fenotípica cada vez mais precisa. Conclusões: na década passada, inúmeros avanços da genética molecular facilitaram imensamente o diagnóstico e o aconselhamento genético das doenças neuromusculares mais comuns das crianças, inclusive possibilitando diagnóstico fetal e, adicionalmente, vieram permitir melhor caracterização fenotípica e classificação mais objetiva.Objective: to discuss the most important aspects for performing a

  16. Análise morfológica do músculo gastrocnêmio medial de ratos submetidos a um protocolo de treinamento concorrente

    OpenAIRE

    Moret, Diego Grando; Castoldi, Robson Chacon; Araújo, Rafael Gavassa de; Spagnol, Alexandre Roveratti; Papoti, Marcelo; Camargo Filho, José Carlos Silva; Malheiro, Olga Cristina de Mello

    2013-01-01

    O objetivo do presente estudo foi analisar as alterações morfológicas do músculo gastrocnêmio medial (GM) de ratos Wistar submetidos a oito semanas de treinamento concorrente (TC). Foram utilizados quinze ratos Wistar machos, separados em três grupos com cinco animais: linha de base (LB), controle (C) e treinados (T). O TC consistiu na realização de um treinamento de resistência aeróbia em natação (TRA) e um treinamento de força (TF) na mesma sessão, três vezes por semana, durante oito semana...

  17. Influência da suplementação de cafeína na perfomance física de ratas submetidas ao treinamento físico e sua relação com o estresse oxidativo.

    OpenAIRE

    Cunha, Simone de Fátima Viana da

    2012-01-01

    Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas. Núcleo de Pesquisas em Ciências Biológicas, Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós Graduação, Universidade Federal de Ouro Preto. Devido à utilização da cafeína como suplemento por atletas; sua relação com o estresse oxidativo gerado pelo exercício físico; e do alto consumo de café no Brasil, de sua importância como fonte de compostos bioativos na dieta, o objetivo deste trabalho foi avaliar se a suplementação de cafeína influencia na performance f...

  18. Treinamento resistido para crianças e adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jucemar Benedet

    2013-05-01

    Full Text Available Em uma sociedade onde a aparência corporal é muito valorizada, as academias de musculação são procuradas de forma cada vez mais precoce pelos jovens. O objetivo deste estudo foi fazer uma análise retrospectiva sobre a evolução das recomendações do treinamento resistido para crianças e adolescentes. A busca bibliográfica foi realizada nas bases de dados PubMed, Web of Science e Scielo. As estratégias de busca incluíram a combinação dos seguintes descritores: “resistance training”, “strength training”, “weight-training” “adolescents”, “children” e “youth”. A busca bibliográfica resultou em 349 artigos. A leitura e análise dos resumos pelos autores resultou na seleção de 25 artigos, respeitando os critérios de inclusão adotados. Os resultados indicam que as primeiras publicações sobre o tema ocorreram em 1990 e, a partir de então, observou-se uma evolução substancial tanto no número de publicações quanto nas abordagens do treinamento resistido para crianças e adolescentes. A análise dos artigos mostra que atualmente é possível encontrar informações qualificadas cujos indicativos suportam a prática do treinamento resistido por parte de crianças e adolescentes de forma segura e eficaz. Pode-se concluir que não restam dúvidas sobre os benefícios do treinamento resistido para a saúde dos jovens, respeitadas as recomendações vigentes as quais são pontuadas ao longo desta revisão. Convém destacar que permanecem latentes questões associadas às respostas crônicas do treinamento resistido nesta faixa etária, assim como dúvidas em relação à prescrição para as diferentes idades, ergonomia dos equipamentos e ambientes.

  19. O TRABALHADOR COM DEFICIÊNCIA NA ORGANIZAÇÃO: UM ESTUDO SOBRE O TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO E A ADEQUAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE TRABALHO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andréia Maria de Carvalho Maia

    2015-12-01

    Full Text Available RESUMO Mesmo apoiados por leis que medeiam a inclusão da diversidade, ainda é difícil o acesso de pessoas com deficiência ao mercado de trabalho, o que muitas vezes é justificado pela baixa qualificação profissional delas ou dificultado pelas práticas adotadas pelas empresas. A pesquisa investigou as pessoas com deficiência, os profissionais de recursos humanos e os profissionais de segurança no trabalho de duas empresas para avaliar como é realizada a inserção das pessoas com deficiência dentro das organizações mediante o treinamento e desenvolvimento e sua adaptação ao ambiente de trabalho, considerando que já se passaram 23 anos da aprovação da Lei de Cotas no Brasil. Os resultados demonstram que a Lei de Cotas e o tipo de deficiência ainda influenciam no processo de contratação. Os programas de treinamento e desenvolvimento adotados não utilizam estratégias metodológicas ou tecnologias assistivas para garantir igualdade de oportunidades para as pessoas com deficiência. São realizados preferencialmente treinamentos on-the-job. Nem todos os respondentes reconhecem a qualificação profissional como fundamental no momento da contratação, principalmente porque a contratação de pessoas com deficiência é eminentemente para funções operacionais. Por outro lado, grande parte das pessoas com deficiência se sente satisfeita e valorizada no seu trabalho. As adaptações no ambiente e o uso de tecnologias assistivas foram reconhecidos como importantes para o desempenho desse grupo.

  20. Efeitos do treinamento resistido sobre o perfil lipídico de indivíduos com síndrome metabólica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R.A. Albarello

    2017-09-01

    Conclusão: Maiores concentrações de lipoproteína de alta densidade, a diminuição da circunferência do abdômen e menores níveis de ureia, bem como provocados pelo treinamento resistido na população em questão são reflexão de menor risco cardiovascular, indicando que o treinamento resistido pode ser benéfico.

  1. Facilitação neuromuscular proprioceptiva na doença de Parkinson: relato de eficácia terapêutica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Taciana Batista dos Santos

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A Facilitação Neuromuscular Proprioceptiva (FNP está entre as várias opções de tratamento fisioterapêutico para que o paciente com doença de Parkinson (DP possa atingir uma função motora eficiente, porém poucos estudos exploram os efeitos dessa abordagem nessa população. OBJETIVOS: Com base no exposto, o presente estudo teve como objetivo explorar os efeitos de uma intervenção fisioterapêutica baseada na FNP em sujeitos DP. MATERIAIS E MÉTODOS: Foram estudados quatro sujeitos com DP, com idade média de 65,25 ± 10,11 anos, nos quais foram aplicadas as avaliações antes do início do tratamento baseado na FNP e após dois meses de sua aplicação. Foram utilizadas a Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF, a Escala Unificada de Avaliação da Doença de Parkinson (Unified Parkinson's Disease Rating Scale - UPDRS, o questionário de qualidade de vida SF36 e o software de avaliação postural (SAPO. RESULTADOS: Os resultados revelam que o tratamento baseado na FNP proporcionou melhora nos quatro sujeitos investigados, especialmente nos aspectos cinéticos funcionais e na execução das atividades de vida diária. CONCLUSÃO: Todos os ganhos observados podem ser relacionados à terapia baseada na FNP, que englobou atividades corporais totais facilmente incorporadas às atividades cotidianas.

  2. Influência da procainamida sobre o bloqueio neuromuscular produzido pelo rocurônio e investigação sobre o mecanismo de ação da procainamida na junção neuromuscular Influencia de la procainamida sobre el bloqueo neuromuscular producido por el rocuronio e investigación sobre el mecanismo de acción de la procainamida en la junción neuromuscular Influence of procainamide on the neuromuscular blockade caused by rocuronium and investigation on the mechanism of action of procainamide on the neuromuscular junction

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thalita Duque Martins

    2007-02-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A potencialização da procainamida sobre o bloqueio neuromuscular produzido pela d-tubocurarina já está comprovada, porém o mecanismo é controverso. O objetivo do estudo foi avaliar a influência da procainamida no bloqueio neuromuscular produzido pelo rocurônio e investigar os mecanismos desta interação. MÉTODO: Foram utilizados 15 ratos (250 a 300 g em preparação descrita por Bülbring. Formaram-se os seguintes grupos (n = 5 cada: procainamida - 20 µg.mL-1 (Grupo I; rocurônio - 4 µg.mL-1 (Grupo II e rocurônio - 4 µg.mL-1 e procainamida - 20 µg.mL-1 (Grupo III. Avaliaram-se: 1 a amplitude das contrações musculares sob estimulação indireta em cada grupo, antes e após a adição dos fármacos; 2 os potenciais de placa terminal em miniatura (PPTM; 3 a eficácia da 4-aminopiridina na reversão do bloqueio neuromuscular. O mecanismo da interação foi estudado em Biventer cervicis (n = 5 e diafragma de rato desnervado (n = 5, observando-se a influência da procainamida na resposta à acetilcolina antes e após a adição da procainamida. RESULTADOS: A procainamida isoladamente não alterou as respostas neuromusculares. O bloqueio produzido com o Grupo III foi de 68,6% ± 7,1%, com diferença significativa (p = 0,0067 em relação ao Grupo II (10,4% ± 4,5%, revertido pela 4-aminopiridina. A procainamida ocasionou aumento na freqüência dos PPTM, seguido de bloqueio revertido pela 4-aminopiridina. Em Biventer cervicis a procainamida aumentou a resposta à ação de contração da acetilcolina, resultado não observado com o diafragma desnervado. CONCLUSÕES: A procainamida potencializou o bloqueio produzido pelo rocurônio. As alterações observadas com PPTM e Biventer cervicis identificaram ação pré-sináptica. O antagonismo da 4-aminopiridina sobre o bloqueio dos PPTM sugeriu dessensibilização dos receptores pela procainamida.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La potenciación de la procainamida sobre

  3. Efeito do treinamento funcional do assoalho pélvico associado ou não à eletroestimulação na incontinência urinária após prostatectomia radical Effect of functional training for the pelvic floor muscles with or without electrical stimulation in cases of urinary incontinence following radical prostatectomy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    CT Kakihara

    2007-12-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A literatura sobre fisioterapia do assoalho pélvico no tratamento da incontinência urinária após prostatectomia radical é escassa e relata técnicas diferentes de tratamento fisioterapêutico. OBJETIVO: Avaliar o efeito do tratamento fisioterapêutico na recuperação da continência urinária de pacientes submetidos a prostatectomia radical utilizando treinamento funcional do assoalho pélvico acompanhado ou não da eletroestimulação. MÉTODO: Foram selecionados 20 pacientes com incontinência urinária pós-prostatectomia radical. Os pacientes foram distribuídos ao acaso em grupos controle e de investigação. O grupo de investigação, composto por 10 pacientes, recebeu como tratamento fisioterapêutico o treinamento funcional do assoalho pélvico e a eletroestimulação. O grupo controle, composto por 10 pacientes, recebeu como tratamento fisioterapêutico o treinamento funcional do assoalho pélvico. Todos os pacientes foram reavaliados 3 meses, 6 meses e 12 meses após o início do tratamento por meio de "pad test", Escala Visual Análoga (EVA da incontinência, Escala Visual Análoga (EVA do problema e número de fraldas utilizadas. RESULTADOS: Houve diminuição estatisticamente significante entre a avaliação inicial e o 12º mês do "pad test", da EVA incontinência, da EVA problema e do número de fraldas no grupo controle e no grupo de investigação. Entretanto, não foi encontrada diferença estatisticamente significante quando comparadas as mesmas variáveis entre os dois grupos. DISCUSSÃO E CONCLUSÃO: Não houve melhora adicional no tratamento com treinamento funcional do assoalho pélvico associado à eletroestimulação quando comparado com o tratamento apenas com treinamento funcional do assoalho pélvico. Entretanto, nos dois grupos, houve melhora significante da incontinência urinária.INTRODUCTION: Literature on physical therapy for the pelvic floor muscles to treat urinary incontinence following

  4. Efeito de um programa de treinamento utilizando o método Pilates® na flexibilidade de atletas juvenis de futsal Effects of a training program using the Pilates method in flexibility of sub-20 indoor soccer athletes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flávia Bertolla

    2007-08-01

    Full Text Available A flexibilidade consiste na capacidade motora relacionada com a amplitude de movimento atingida por cada articulação. A flexibilidade sofre decréscimo com a idade; durante a adolescência, devido ao estirão de crescimento puberal, ocorre considerável perda dessa característica. Sabe-se, também, que atletas de futebol e futsal, como resultado dos programas de fortalecimento visando o gesto do chute, tendem a apresentar considerável encurtamento da musculatura posterior da coxa, o que promove perda de rendimento e predispõe o atleta a lesões musculares. Assim, o objetivo do presente estudo foi verificar o efeito sobre a flexibilidade proporcionado por um programa de Pilates® em uma equipe de futsal da categoria juvenil (17-20 anos, considerada uma população altamente propensa a limitações dessa capacidade e que pode usufruir de inúmeros benefícios com o incremento da mesma. Para tal, dividiu-se o grupo de atletas em grupo Pilates (GP, n = 6 e grupo controle (GC, n = 5. Optou-se por avaliar a flexibilidade dos atletas com dois métodos (flexímetro e banco de Wells. Realizaram-se avaliações em três momentos distintos: pré (24 horas antes do início do programa, pós-imediato (24 horas após o fim do programa e pós-tardio (15 dias após o fim do programa. O programa foi realizado em três sessões semanais de aproximadamente 25 minutos, durante quatro semanas. Os resultados obtidos com o presente estudo comprovam que o protocolo de treinamento com o método Pilates® empregado pelos pesquisadores conseguiu incrementar a flexibilidade dos atletas juvenis de futsal. Tal programa apresentou efeitos agudos, representados pelo aumento estatisticamente significante da flexibilidade no pós-imediato (p 0,05 no período pós-tardio para ambos os métodos. Sugere-se que mais estudos sejam realizados com o método Pilates® a fim de elucidar todas as possibilidades de aplicação dessa modalidade terapêutica.The flexibility consists in

  5. COMPARAÇÃO DO EFEITO DO TREINAMENTO PROPRIOCEPTIVO NO TORNOZELO DE NÃO ATLETAS E JOGADORES DE VOLEIBOL

    OpenAIRE

    Cristofoli, Emanuele Lazzari; Peres, Mariana Michalski; Cecchini, Lisiane; Pacheco, Ivan; Pacheco, Adriana Moré

    2016-01-01

    RESUMO Introdução: O tornozelo é a articulação que sofre mais lesões tanto na vida diária quanto na prática de esportes, especialmente em praticantes de voleibol, que exige movimentos bruscos. Um menor risco de lesão está ligado à estabilidade articular do tornozelo, que pode ser adquirida através de treinamentos proprioceptivos, utilizados para reabilitação e para prevenção de lesões. Objetivo: Avaliar o efeito de um treinamento proprioceptivo para tornozelo por meio do Star Excursion Bala...

  6. Respostas lactacidêmicas de ratos ao treinamento intermitente de alta intensidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Carolina Panveloski-Costa

    2012-04-01

    Full Text Available Durante contrações musculares de alta intensidade intervaladas por curtos períodos de tempo há importante participação do metabolismo glicolítico e, consequentemente, aumento das concentrações de lactato sanguíneo. O objetivo do estudo foi avaliar as respostas lactacidêmicas agudas e crônicas de ratos Wistar submetidos a um treinamento intermitente de alta intensidade (salto tipo jump squat de três sessões semanais, a cada 24h, três séries de 12 repetições com intervalos de 60s entre cada uma. Houve aumento das concentrações de lactato sanguíneo durante a sessão aguda do treinamento (lactacidemia basal vs. lactacidemia após último esforço, P < 0,001. Contrariamente, após seis semanas de treinamento, ocorreu redução de 49% na resposta lactacidêmica ao exercício em relação à primeira sessão, P = 0,0002. O exercício intermitente de alta intensidade intervalado favorece a participação do sistema glicolítico; no entanto, o treinamento intermitente de alta intensidade promove redução das respostas lactacidêmicas, sugerindo melhora da capacidade de ressíntese de fosfocreatina e da biogênese mitocondrial.

  7. Suplementação de creatina e treinamento de força: alterações na resultante de força máxima dinâmica e variáveis antropométricas em universitários submetidos a oito semanas de treinamento de força (hipertrofia Creatine supplementation and strength training: alterations in the resultant of dynamic maximum strength and anthropometric variables in college students submitted to 8 weeks of strength training (hypertrophy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tácito Pessoa de Souza Júnior

    2007-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar as alterações promovidas pela suplementação de creatina nas variáveis antropométricas e da resultante de força máxima dinâmica (RFMD em universitários submetidos a oito semanas de treinamento de força. METODOLOGIA: Participaram deste estudo, 18 universitários do sexo masculino, com idade entre 19 e 25 anos. Antes do treinamento foram determinadas a estatura (cm, a massa corporal (kg e testes de ação muscular voluntária máxima dinâmica (1AMVMD, os sujeitos foram assinalados a um dos dois grupos, A (creatina e B (placebo, foi adotado o protocolo duplo-cego. Após oito semanas de treinamento de força, repetiu-se a bateria de testes do pré-treinamento. RESULTADOS: Após oito semanas, verificou-se que tanto no grupo A como no B houve alterações estatisticamente significantes (ES na RFMD em todos os exercícios (p = 0,007 a 0,008. A análise da melhora percentual e do delta da RFMD, nos exercícios de agachamento, desenvolvimento e supino fechado, mostrou que o grupo A teve alterações positivas ES superiores ao grupo B (p = 0,008 a 0,038. A massa magra aumentou ES somente no grupo A (p = 0,038. Contudo, o percentual de gordura corporal não mostrou alterações em nenhum dos grupos. A relação entre a melhora percentual (MP das circunferências (C do braço e antebraço e a MP na RFMD do exercício de desenvolvimento foi ES (r = 0,481 e 0,546, respectivamente, bem como entre a MP na C da coxa e na MP da RFMD do exercício de agachamento (r = 0,619. CONCLUSÃO: Independente do suplemento ingerido o treinamento de força foi capaz de induzir ajustes positivos na RFMD; contudo, a suplementação de creatina mostrou-se mais eficiente que o placebo, induzindo a maior aumento percentual e de delta na força.OBJECTIVE: To verify the alterations promoted by creatine supplementation in the anthropometric variables and the resultant of dynamic maximum strength (RDMS in college students submitted to 8 wk of strength

  8. Alterações na composição corporal decorrentes de um treinamento de musculação em portadores de síndrome de Down Body compostion alterations resulting from weight training in subjects with Down Syndrome

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Florentino Neto

    2010-02-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi analisar as alterações na composição corporal decorrentes de um treinamento de musculação em portadores da síndrome de Down. MÉTODOS: Participaram 15 portadores da síndrome de Down (22,1 ± 7,5 anos, divididos em dois grupos: experimental (G1 = oito submetidos a um programa de treinamento de musculação e controle (G2 = sete sem intervenção. A composição corporal foi estimada através da equação de sete dobras cutâneas. As avaliações foram realizadas em pré e pós-teste, com frequência semanal de três vezes em dias alternados e duração de 60 minutos. O protocolo experimental foi elaborado com nove exercícios sob a forma de circuito, sendo realizados em três séries de oito a 12 repetições, com intervalos de descanso entre 30 e 60 segundos. RESULTADOS: Foi observada no G1 diminuição significativa no percentual de gordura (-2,0%; p = 0,036 e massa gorda (MG (-1,4kg; p = 0,000. Os controles apresentaram aumento desfavorável no %G (+1,0%; p = 0,043 e MG (+2,0kg, p = 0,004. Em relação à massa magra (MM, observou-se ganho significativo no G1 (+1,2kg; p = 0,008; tendo o G2 apresentado redução de MM (-0,8kg; p = 0,003. CONCLUSÃO: O treinamento de musculação apresentou efeito favorável, promovendo redução na gordura corporal e aumento na MM, podendo ser sugerido para indivíduos com características similares às dos aqui investigados.The aim of this study was to examine changes in body composition resulting from weight training among individuals with Down Syndrome. MATERIAL AND METHODS: 15 subjects with Down Syndrome (22.1 ± 7.5years participated in the study and were divided in two groups: experimental group (G1 = 08 submitted to a weight training program, and a control group (G2 = 07, without any intervention. Body composition was estimated through the equation of seven skinfolds. Pre- and post-test evaluations were performed three times every other day and had duration of 60

  9. Efeitos do aumento na sobrecarga de treinamento sobre parâmetros bioquímicos e hormonais em ratos Efectos del aumento de sobrecarga de entrenamiento sobre parámetros bioquímicos y hormonales en ratones Effects of increase of overload training on biochemical and hormonal parameters in rats

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ronaldo Vagner Thomatieli Santos

    2006-06-01

    Full Text Available Para o treinamento ser bem sucedido deve ser suficientemente intenso para provocar a quebra da homeostase, a adaptação e, por fim, a supercompensação. Todavia, condições de estresse excessivo induzido pelo exercício físico podem provocar efeitos indesejáveis. Este trabalho tem como objetivo avaliar se o aumento na sobrecarga de treinamento altera parâmetros hormonais e bioquímicos similares ao overreaching. Os animais foram divididos em três grupos: SED (animais sedentários, MOD (animais que treinaram de forma moderada durante seis semanas e grupo EXT (que treinaram de forma semelhante ao grupo MOD por quatro semanas, duas sessões diárias de treinamento na quinta semana e três sessões na sexta semana. Houve aumento da concentração plasmática de glutamato no grupo EXT (p Para que el entrenamiento tenga éxito, éste debe ser lo suficientemente intenso para provocar la quiebra de homeostasis, la adaptación y por fin la supercompensación. Sin embargo, condiciones de estrés excesivo inducidos por el ejercicio físico pueden provocar efectos indeseables. Este trabajo tiene como objetivo evaluar si el aumento en la sobrecarga de entrenamiento altera parámetros hormonales y bioquímicos similares al overreaching. Los animales fueron divididos en tres grupos: SED (animales sedentarios, MOD (animales que entrenaron de forma moderada durante 6 semanas y EXT (que entrenaron de forma semejante al grupo MOD por 4 semanas, 2 sesiones diarias de entrenamiento en la quinta semana y 3 sesiones la sexta semana. Hubo aumento en la concentración plasmática de glutamato en el grupo EXT (p The training will be efficient if it is intensive enough to promote homeostasis break, adaptation and super compensation consequently. On the other hand, excessive stress conditions induced by exercise may promote undesirable effects. This paper aims to evaluate the effects of the increase in overload training upon some hormonal and biochemical parameters

  10. Estimulação elétrica neuromuscular na reversão da ossificação heterotópica Neuromuscular electric stimulation in heterotropic ossification regression

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Bechara Jacob Ferreira

    2006-01-01

    Full Text Available A ossificação heterotópica é uma complicação freqüente após a lesão medular. Os avanços graduais no campo da fisiopatologia, reabilitação e novos métodos de tratamento são uma esperança para a reversão do quadro clínico do lesado medular num futuro próximo. O objetivo desse estudo é avaliar a resposta da ossificação heterotópica das articulações coxo femorais à estimulação elétrica neuromuscular em pacientes tetraplégicos após trauma raquimedular. Seis pacientes foram submetidos à estimulação elétrica neuromuscular por um período médio de 16,6 meses, sendo avaliados radiologicamente. Foi identificada a melhora radiológica em dois pacientes e a não progressão do quadro nos demais. A estimulação elétrica neuromuscular em lesados medulares pode ser um método válido no tratamento da ossificação heterotópica e prevenção de sua progressão.Heterotropic ossification is a common complication after spinal cord injury. Gradual advancements in the physiopathology and rehabilitation fields, and new treatment methods are a hope for the recovery of the clinical picture of injured individuals in the near future. The objective of this study was to evaluate the heterotropic ossification response of the thigh-femoral joints to neuromuscular electric stimulation in tetraplegic patients after rachial-medullar trauma. Six patients were submitted to neuromuscular electric stimulation for an average period of 16.6 months, being evaluated for X-ray imaging. Improvements on X-ray images were identified in two patients and the non-progression of the picture was observed in the remaining patients. Neuromuscular electric stimulation in spinal cord-injured individuals could be a useful method for treating heterotropic ossification and related progression prevention.

  11. Facilitação Neuromuscular Proprioceptiva e o Alongamento Muscular como Modalidades Terapêuticas na Disfunção Temporomandibular

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luana Torres Monteiro Melo

    2014-09-01

    Full Text Available Introdução: O fisioterapeuta, integrante da equipe multidisciplinar, utiliza ampla variedade de aparelhos e recursos manuais no tratamento da disfunção temporomandibular (DTM, buscando recuperar a função do sistema estomatognático. A facilitação neuromuscular proprioceptiva (FNP promove o movimento funcional por meio da facilitação, inibição e relaxamento da musculatura. O alongamento muscular reduz as tensões musculares e libera os movimentos bloqueados. Objetivo: Comparar os benefícios das duas técnicas na melhoria funcional de pacientes portadores de DTM.  Métodos: Realizou-se estudo intervencionista, comparativo e cego, com 12 pacientes atendidas no Núcleo de Atenção Médica Integrada (NAMI, Fortaleza-Ceará, do sexo feminino, adultas e com diagnóstico de DTM, divididas aleatoriamente em dois grupos. O grupo A foi tratado com FNP (técnica de manter-relaxar e estabilização rítmica e o grupo B com alongamento muscular passivo. O tratamento foi realizado 2 vezes na semana, durante 5 semanas, totalizando 10 atendimentos com duração de 45 minutos. Resultados: Foi verificado que as pacientes de ambos os grupos tiveram melhora do quadro clínico, com redução significativa da dor em ambos os grupos (p < 0,05 e diminuição da dor à palpação muscular no grupo B (p < 0,05. Ao final do tratamento, não houve diferença na sintomatologia, amplitude de movimento e dor à palpação muscular entre os grupos. Conclusão: Os resultados mostraram que tanto a FNP como o alongamento muscular promoveram melhora do quadro álgico das pacientes, concluindo-se que ambas as técnicas podem ser acrescentadas aos tratamentos existentes para essa disfunção.

  12. COMPARA????O DE PAR??METROS NUTRICIONAIS ENTRE PRATICANTES DE TREINAMENTO RESISTIDO VEGETARIANO, VEGANO E ON??VOROS

    OpenAIRE

    Obeid, Mariana Soares; Marangon, Ant??nio Felipe Corr??a

    2015-01-01

    Dietas vegetarianas s??o normalmente pobres em prote??na, vitamina B12 e gorduras saturadas e ricas em carboidratos, fibra, ??cido f??lico e vitamina C. O objetivo desse estudo foi comparar os par??metros nutricionais de praticantes de treinamento resistido vegetariano, vegano e on??voro. Foram selecionados por amostra de conveni??ncia 2 vegetarianos, 3 veganos e 3 on??voros praticantes de treinamento resistido, com mensura????o de estatura, peso e dobras cut??neas e analisados...

  13. Suplementação oral de L-carnitina associada ao treinamento físico e muscular respiratório na doença pulmonar obstrutiva crônica: estudo preliminar Oral supplementation of L-carnitine combined with exercise and respiratory training in patients with chronic obstructive pulmonary disease: preliminary study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Matheus Guedes Fernandes Silva

    2012-12-01

    Full Text Available Avaliar os efeitos da suplementação oral de L-carnitina associada ao treinamento físico e muscular respiratório na doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC. Participaram 14 voluntários com idade de 65±10,4 anos e diagnóstico clínico de DPOC moderado, classificados de acordo com a espirometria prévia. Os voluntários foram divididos em grupo treino esteira (GTE e grupo treino muscular respiratório (GTMR. Realizaram o teste de caminhada de seis minutos (TC6', teste de caminhada com carga progressiva (TCP, avaliação nutricional do índice de massa corpórea (IMC, dose diária recomendada de L-carnitina, pressões inspiratórias (PImáx e expiratórias máximas (PEmáx. Fizeram 30 min de caminhada em esteira, 3 vezes/semana por 10 semanas, e o GTMR realizou, ainda, 10 min de treinamento muscular inspiratório (Threshold® IMT e 10 min de treinamento muscular expiratório (Threshold® PEP à 50% da PImáx e PEmáx ajustados semanalmente. Após 10 semanas, foram reavaliados. No TC6' pré e pós-programa de treinamento físico, as variáveis alteradas foram: distância percorrida (DP, frequência cardíaca (FC final, pressão arterial sistólica (PAS final, pressão arterial diastólica (PAD final e Borg final no GTMR, no GTE as variáveis alteradas foram FC repouso, FC final, PAS final, Borg repouso e DP. Comparando os grupos no TC6, o GTE apresentou FC final, PAD final e Borg final maiores do que o GTMR na reavaliação; já no TCP, a FC final, PAS final, Borg final foram maiores no GTE, e DP foi maior no GTMR. Na avaliação respiratória, a PEmáx foi maior no GTMR na reavaliação. O treino aeróbio e suplementação de L-carnitina na DPOC otimizou a performance, a capacidade física e a tolerância ao esforço.To evaluate the effects of oral supplementation of L-carnitine associated with physical and respiratory muscles training in chronic obstructive pulmonary disease (COPD. Participated 14 COPD volunteers (65±10.4 years, divided

  14. Programa de treinamento em pesquisa: Duke University e Sociedade Brasileira de Cardiologia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lucia Campos Pellanda

    2012-12-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Um programa de coaching em pesquisa tem foco em desenvolvimento de habilidades e raciocínio científico. Para os profissionais da saúde, pode ser útil para o incremento no número e na qualidade de projetos e artigos. OBJETIVO: Avaliar os resultados iniciais e a metodologia de implantação do Research and Innovation Coaching Program do grupo Research on Research da Duke University na Sociedade Brasileira de Cardiologia. MÉTODOS: O programa trabalha em duas bases: o treinamento e o coaching. O treinamento é realizado online e aborda conteúdos sobre ideia de pesquisa, busca na literatura, escrita científica e estatística. Após o treinamento, o coaching favorece o estabelecimento de colaboração entre pesquisadores e centros mediante uma rede de contatos. O presente estudo descreve a implementação e os resultados iniciais dos anos 2011-2012. RESULTADOS: Em 2011, 24 centros receberam o treinamento, que consistiu em reuniões online, estudo e prática dos conteúdos abordados. Em janeiro de 2012, foi implementado um novo formato que teve como objetivo atingir mais pesquisadores. Em seis meses foram alocados 52 pesquisadores. No total, 20 artigos foram publicados e mais 49 artigos foram redigidos e aguardam submissão e/ou publicação. De forma adicional, foram elaboradas cinco propostas de financiamento de pesquisa. CONCLUSÃO: O número de artigos e as propostas de financiamento atingiram os objetivos inicialmente propostos. Contudo, os principais resultados desse tipo de iniciativa devem ser medidos em longo prazo, pois a consolidação da produção nacional de pesquisa de alta qualidade é um círculo virtuoso que se autoalimenta e expande com o tempo.

  15. Efeitos do estado e especificidade do treinamento aeróbio na relação %VO2max versus %FCmax durante o ciclismo Effects of the state and specificity of aerobic training on the %VO2max versus %HRmax ratio during cycling

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabrizio Caputo

    2005-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Determinar os efeitos do estado e especificidade de treinamento aeróbio na relação entre o percentual do consumo máximo de oxigênio (%VO2max e o percentual da frequência cardíaca máxima (%FCmax durante o exercício incremental realizado no cicloergômetro. MÉTODOS: Sete corredores, 9 ciclistas, 11 triatletas e 12 sedentários, todos do sexo masculino e aparentemente saudáveis, foram submetidos a um teste incremental até a exaustão no cicloergômetro. Regressões lineares entre %VO2max e %FCmax foram determinadas para cada indivíduo. Com base nessas regressões, foram calculados %FCmax correspondentes a determinados %VO2max (50, 60, 70, 80 e 90% de cada participante. RESULTADOS: Não foram encontradas diferenças significantes entre todos os grupos nos %FCmax para cada um dos %VO2max avaliados. Analisando-se os voluntários como um único grupo, as médias dos %FCmax correspondentes a 50, 60, 70, 80 e 90% %VO2max foram 67, 73, 80, 87, e 93%, respectivamente. CONCLUSÃO: Nos grupos analisados, a relação entre o %VO2max e %FCmax durante o exercício incremental no ciclismo não é dependente do estado e especificidade do treinamento aeróbio.OBJECTIVE: To determine the effects of the status and specificity of exercise training in the ratio between maximum oxygen consumption (%VO2max and the percentage of maximal heart rate (%HRmax during incremental exercise on a cycle ergometer. METHODS: Seven runners, 9 cyclists, 11 triathletes, and 12 sedentary individuals, all male and apparently healthy, underwent exhaustive incremental exercise on cycle ergometers. Linear regressions between %VO2max x %HRmax were determined for each individual. Based on these regressions, %HRmax was assessed corresponding to a determined %VO2max (50, 60, 70, 80, and 90% from each participant. RESULTS: Significant differences were not found between the groups in %HRmax for each of the %VO2max assessed. Analyzing the volunteers as a single group, the

  16. Influência da freqüência de alongamento utilizando facilitação neuromuscular proprioceptiva na flexibilidade dos músculos isquiotibiais Influencia de la frecuencia de alongamiento utilizando facilitación neuromuscular propioceptiva en la flexibilidad de los músculos isquio tibiales Influence of the stretching frequency using proprioceptive neuromuscular facilitation in the flexibility of the hamstring muscles

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Zenewton André da Silva Gama

    2007-02-01

    Full Text Available A utilização de manobras de alongamento é um dos recursos mais utilizados na prática de reabilitação. Porém, alguns parâmetros, como a freqüência, não têm sido estudados quando se utilizam as técnicas de facilitação neuromuscular proprioceptiva (FNP. O objetivo deste estudo foi analisar a freqüência ótima visando aumentar a flexibilidade dos músculos isquiotibiais, medida pela amplitude ativa de extensão do joelho. Selecionaram-se 36 sujeitos do sexo feminino (média de idade (DP de 21,7 (1,9 anos, com limitação da flexibilidade dos músculos isquiotibiais. Os sujeitos foram distribuídos aleatoriamente em quatro grupos (n = 9. Os três grupos de alongamento receberam a intervenção cinco dias por semana durante duas semanas consecutivas. O quarto grupo, que serviu como controle, não foi alongado. Os grupos de alongamento com FNP variaram quanto à freqüência em uma, três e seis manobras por sessão. Uma análise de variância (ANOVA foi utilizada para as medidas iniciais e finais (p El uso de maniobras de alongamiento es uno de los recursos más utilizados en la práctica de rehabilitación. Sin embargo, algunos parámetros, como frecuencia, no se estudian cuando se utilizan las técnicas de facilitación neuromuscular propioceptiva (FNP. El objetivo de este estudio ha sido analizar la frecuencia óptima buscando aumentar la flexibilidad de los músculos isquio tibiales, medida por la amplitud activa de extensión de la rodilla. Se seleccionaron 36 individuos del sexo femenino (con edad media (DP de 21,7 (1,9 años, con limitación de flexibilidad de los músculos isquio tibiales. Los individuos fueron distribuidos aleatoriamente en cuatro grupos (n = 9. Los tres grupos de alongamiento recibieron intervención cinco días por semana durante dos semanas consecutivas. El cuarto grupo que sirvió como control, no fue alongado. Los grupos de alongamiento con FNP variaron en relación a la frecuencia en una, tres y seis

  17. Controle cardiovascular em fêmeas ooforectomizadas diabéticas: efeitos do treinamento físico dinâmico aeróbio, resistido ou combinado

    OpenAIRE

    Iris Callado Sanches

    2012-01-01

    O treinamento físico aeróbico induz atenuação de disfunções cardiometabólicas que acometem mulheres menopausadas e/ou diabéticas. Entretanto, estudos envolvendo treinamento resitido ou combinado (aeróbio + resistido) são escassos e controversos. Dessa forma, os objetivos do presente estudo foram avaliar os efeitos metabólicos, cardiovasculares e autonômicos da privação dos hormônios ovarianos na presença ou não de diabetes induzido por estreptozotocina em ratas, bem os efeitos do treinamento ...

  18. Efeito do treinamento com pesos sobre a pressão arterial de repouso, força muscular, capacidade funcional e variáveis sanguíneas em idosas hipertensas

    OpenAIRE

    Cássio Gustavo Santana Gonçalves

    2009-01-01

    O objetivo do presente estudo foi analisar o efeito do treinamento com pesos na pressão arterial de repouso, força muscular, capacidade funcional e variáveis sanguíneas de idosas hipertensas. Participaram 17 idosas hipertensas divididas em grupo controle (n=10; idade=65,6±1,2 anos) e treinamento (n=7; idade=65,6±1,9 anos). O grupo treinamento realizou um programa de 12 semanas, três vezes por semana, nos exercícios: supino vertical, mesa extensora, puxador a frente, mesa f...

  19. Efeito do treinamento físico na pressão arterial de adolescentes com obesidade Efecto del entrenamiento físico en la presión arterial de adolescentes con obesidad Effect of physical training on the blood pressure of adolescents with obesity

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Breno Quintella Farah

    2012-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever, por meio de uma revisão sistemática, os efeitos do treinamento físico sobre a pressão arterial em adolescentes com obesidade. FONTES DE DADOS: Recorreu-se à revisão sistemática de ensaios clínicos randomizados que analisaram o efeito do treinamento físico sobre a pressão arterial de adolescentes obesos, publicados em periódicos indexados nas bases de dados PubMed/Medline, Lilacs, SciELO e ISI Web of KnowledgeSM. Foram incluídos os estudos que avaliaram adolescentes publicados até 2010, e que possuíam Grupo Controle. SÍNTESE DOS DADOS: Oito estudos atenderam aos critérios de inclusão. Dois deles utilizaram exercícios de força combinados com aeróbios, enquanto seis empregaram apenas os aeróbios. Cinco estudos utilizaram intervenções complementares, sendo a nutricional a mais frequente. Quatro estudos observaram redução da pressão arterial sistólica no Grupo Exercício comparado ao Controle. Nesses quatro estudos, além da redução da pressão arterial, notou-se diminuição da massa corpórea. Todos aqueles que verificaram redução da pressão arterial utilizaram 12 a 24 semanas de exercícios aeróbios, três a seis sessões semanais, com duração de 50 a 90 minutos e intensidade entre 55 e 75% da frequência cardíaca máxima. CONCLUSÕES: O efeito do treinamento físico na pressão arterial de adolescentes obesos é controverso. A redução da pressão arterial parece ocorrer com programas de treinamento aeróbios que promovam também a redução da massa corpórea.OBJETIVO: Describir, mediante una revisión sistemática, los efectos del entrenamiento físico sobre la presión arterial en adolescentes con obesidad. FUENTES DE DATOS: Se recurrió a la revisión sistemática de ensayos clínicos aleatorios que analizaron el efecto del entrenamiento físico sobre la presión arterial de adolescentes obesos, publicados en periódicos indexados en las bases de datos PubMed/MedLine, LILACS, SciELO e

  20. Efeitos de oito semanas de treinamento de natação no limiar anaeróbio determinado na piscina e no ergômetro de braço Effect of eight weeks of swimming training on the anaerobic threshold determined in the swimming pool and by arm ergometer

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabrizio Caputo

    2002-02-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi analisar os efeitos do treinamento de natação na intensidade do limiar anaeróbio (LAn, determinado na piscina e no ergômetro de braço, verificando se este pode ser utilizado para avaliar os efeitos do treinamento em nadadores. Participaram do estudo sete nadadores de ambos os sexos, com nível de performance regional, que foram submetidos aos seguintes testes, antes e após oito semanas de treinamento: 1 dois tiros de 400m, um a 85% e outro a 95% do máximo, com coleta de 25mil de sangue do lóbulo da orelha no 1º, 3º e 5º minuto após cada tiro, para posterior análise do lactato sanguíneo (YSI 1500; 2 teste contínuo progressivo realizado no ergômetro de braço (UBE 2462 Cybex, com carga inicial de 33,3W e incrementos de 16,6W a cada três minutos até a exaustão voluntária, com coleta de sangue ao final de cada estágio. Um grupo controle de indivíduos não ativos (n = 9, que se manteve sedentário, realizou somente o procedimento 2 no mesmo intervalo de tempo. O LAn na natação (NLAn e no ergômetro de braço (BLAn foi encontrado através de interpolação linear, considerando uma concentração fixa de lactato de 4mM e 3,5mM, respectivamente. Os resultados demonstram diferença significante para o grupo treinado, entre o pré (130,4 ± 20,4W e o pós-teste (137,7 ± 17,9W para o BLAn. Porém, não foi encontrada diferença significante para o NLAn (1,09 ± 0,1m.s-1 e 1,13 ± 0,1m.s-1, p = 0,06. No grupo controle não foi encontrada diferença para o BLAn entre o pré (93,2 ± 11,5W e o pós-teste (87,7 ± 7,2W. Pode-se concluir através desses dados que a determinação do LAn no ergômetro de braço é útil para detectar adaptações na capacidade aeróbia de nadadores com nível de performance regional.The objective of this study was to analyze the effect of swimming training on the intensity corresponding to the anaerobic threshold (AnT determined in the swimming pool and by arm ergometer, and

  1. The effect of training in Integrated Management of Childhood Illness (IMCI on the performance and healthcare quality of pediatric healthcare workers: a systematic review Efeitos do treinamento na estratégia de Atenção Integrada às Doenças Prevalentes na Infância (AIDPI sobre o desempenho dos profissionais de saúde na qualidade do atendimento às crianças: uma revisão sistemática

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Joaquim Freitas do Amaral

    2008-03-01

    Full Text Available OBJECTIVES: to analyze the effect of training in Integrated Management of Childhood Illness (IMCI on the quality of case management by healthcare workers based on a systematic review of the literature. METHODS: the authors searched the databases MEDLINE, LILACS, PAHO and WHOLIS for the search terms Integrated Management of Childhood Illness (IMCI, and analyzed documents published by Pan American Health Organization, World Health Organization and the Brazilian Ministry of Health between January 1993 and July 2006. The quality of the methodology was assessed using the criteria developed by Downs and Black. RESULTS: thirty-five papers were reviewed. Twelve of these validated the IMCI algorithm and found the sensitivity to be high and the specificity to be over 80% for major illnesses. Twenty-three papers assessed the performance of healthcare workers, eight of these with no control group. The present study shows clear evidence of improvement in the performance of healthcare workers employed at healthcare facilities with IMCI. The main methodological weaknesses of the study were lack of control of confounding factors and lack of information regarding statistical power. CONCLUSIONS: the performance of healthcare workers tends to improve at public healthcare facilities when IMCI is introduced.OBJETIVOS: analizar o efeito do treinamento na estratégia de Atenção Integrada às Doenças Pevalentes na Infância (AIDPI na qualidade do manejo de casos pelos trabalhoadores de saúde, com base em uma revisão sistemática de literatura. MÉTODOS: foram revisados estudos nas bases de dados MEDLINE, LILACS, PAHO e WHOLIS com as palavras-chave: Atenção Integral às Doenças Prevalentes na Infância (AIDPI; além de documentos da Organização Pan-americana da Saúde, Organização Mundial da Saúde e do Ministério da Saúde do Brasil, de janeiro de 1993 até julho de 2006. A qualidade metodológica dos artigos foi avaliada pelos critérios de Downs e Black

  2. Efeitos do treinamento muscular inspiratório nos pacientes em hemodiálise

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanessa Giendruczak da Silva

    2011-03-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A doença renal crônica associada ao tratamento hemodialítico pode apresentar uma diversidade de complicações músculo-esqueléticas, além de trazer repercussões à função pulmonar. OBJETIVO: Avaliar os efeitos do treinamento muscular inspiratório na força muscular inspiratória, função pulmonar e capacidade funcional em pacientes com insuficiência renal crônica submetidos à hemodiálise. MÉTODO: Ensaio clínico não controlado, composto por 15 indivíduos com diagnóstico médico de insuficiência renal crônica, submetidos à hemodiálise. Foram avaliados pressões inspiratória máxima (PImáx e expiratória máxima (PEmáx através da manovacuometria; função pulmonar pela espirometria e a capacidade funcional através da distância percorrida e consumo de oxigênio obtido no teste da caminhada dos seis minutos (TC6M. No período de oito semanas, foi aplicado o protocolo de treinamento muscular respiratório (TMI durante a sessão de hemodiálise, com carga estabelecida de 40% da PImáx e uma frequência semanal de três dias alternados. RESULTADOS: Houve um aumento significativo na variável distância percorrida após o treinamento (455 ± 98 versus 558 ± 121; p = 0,003. Não foram encontradas diferenças estatísticas na comparação antes e após treinamento nas demais variáveis do estudo. CONCLUSÃO: O estudo não apresentou diferença estatística na força muscular respiratória, na função pulmonar e no consumo de oxigênio. Observou-se apenas um aumento na distância do TC6M.

  3. EFEITOS DA INGESTÃO DE BEBIDAS ISOENERGÉTICAS DURANTE O TREINAMENTO DE NATAÇÃO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Caroline Di Bernardi Luft

    2008-05-01

    Full Text Available O objetivo desse estudo foi determinar a influência da ingestão de bebidas isoenergéticas no desempenho de 6 atletas masculinos, entre 15 e 20 anos de idade, durante um treinamento de natação, que, segundo Maglisho (1999, seria o de limiar de lactado. Os atletas realizaram 3 sessões de treinamento (sem ingestão de líquidos, com a ingestão de Marathon e ingestão de placebo. O treinamento constou de 10 X 100m, com intensidade máxima e intervalos de 4 minutos entre cada série. Analisou-se: peso corporal (PC, freqüência cardíaca (FC, glicose sangüínea (GS e tempos de nado (TN. Concluiu-se que a ingestão de Marathon não modificou significativamente as variáveis FC e GS durante o treinamento, não interferindo assim no desempenho do atleta; porém teve uma contribuição significativa na redução de PC, assim como a ingestão do placebo, contribuindo para sua reidratação.

  4. Avaliação do desempenho de operadores no treinamento com simulador de realidade virtual Forwarder.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eduardo da Silva Lopes

    2010-08-01

    Full Text Available O uso dos simuladores de realidade virtual é a solução mais eficiente de treinamento, permitindo capacitar os operadores rapidamente e com baixos custos. Este estudo teve por objetivo avaliar o desempenho de operadores no treinamento com o simulador de realidade virtual Forwarder. O estudo foi desenvolvido no Centro de Formação de Operadores Florestais (CENFOR, da Universidade Estadual do Centro-Oeste, estado do Paraná, Brasil. Um grupo de 26 operadores de diferentes empresas florestais foi avaliado, no qual nenhum tinha experiência na operação de máquinas, sendo avaliados os seus desempenhos em diversas variáveis operacionais. Os dados foram coletados no início e no final de cada módulo operacional do treinamento no simulador virtual. Os resultados indicaram que os operadores tiveram maior dificuldade de executar a operação de carregamento de toras, em consequência da menor visibilidade e presença de resíduos da colheita de madeira nas pilhas de toras. A maior evolução no desempenho dos operadores durante o treinamento ocorreu em relação à variável "colisão com os fueiros", com ganhos médios de 85,7 e 65,9% nos módulos III e IV respectivamente, que contemplam as operações de carregamento de toras.

  5. Efeito do treinamento físico e da ingestão crônica de cafeína sobre o tecido ósseo de ratos jovens Efecto del entrenamiento físico y la ingestión crónica de cafeína sobre El hueso de ratas jóvenes Effect of exercise training and chronic caffeine intake on bone tissue of young rats

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Solange de Paula Ramos

    2012-06-01

    Full Text Available Foram avaliados os efeitos da ingestão crônica de cafeína e exercício de natação sobre o tecido ósseo. Ratos Wistar jovens (n = 32 alocados em quatro grupos: sedentário controle (SCO, sedentário + cafeína (SCAF, treinados (TCO e treinados + cafeína (TCAF, receberam 1 mg/ml de cafeína em água durante 30 dias (SCAF e TCAF e foram submetidos a 21 dias de natação em intensidade moderada (TCO e TCAF. A tíbia esquerda foi submetida a ensaio biomecânico para determinação do coeficiente de rigidez, limite de elasticidade e carga máxima. A área de tecido ósseo primário e espessura do disco epifisário foram avaliadas no fêmur. Não foram observadas alterações nas propriedades biomecânicas e na deposição de tecido ósseo primário. O grupo SCAF apresentou maior espessura no disco epifisário distal. Os resultados sugerem que o treinamento moderado de natação e a ingestão de cafeína não provocaram alterações morfológicas e biomecânicas do tecido ósseo.Se evaluaram los efectos del consumo crónico de cafeína y la natación em el hueso. Ratas Wistar jóvenes (n=32 divididas en cuatro grupos: sedentarios control (SCO, sedentarios + cafeína (SCAF, entrenados (TCO y entrenados + cafeína (TCAF, recibieron 1 mg/ml de cafeína en agua durante 30 días (SCAF e TCAF e fueron sometidos 21 días de la natación moderada. La tibia izquierda se sometió a una prueba biomecánica para determinar la coeficiente de la rigidez, el limite de elasticidad y el punto de carga máxima. El area de hueso imaturo e de la zona de la placa de crescimiento proximal e distal se analizó em el fêmur. No se observaron cambios en las propiedades biomecánicas y el déposition de hueso inmaturo. Animales SCAF tenía más grueso de la placa de crescimiento distal. Los resultados sugieren que entrenamento moderalado de la natación y el cosumo crônico de cafeína no cambió la morfología y las propiedades biomecánicas del hueso.Effects of

  6. Sleep in Neuromuscular Diseases.

    Science.gov (United States)

    Fermin, Anna Monica; Afzal, Umair; Culebras, Antonio

    2016-03-01

    Sleep disorders in neuromuscular disorders are generally caused by respiratory dysfunction associated with these diseases. Hypoventilation in neuromuscular diseases results from both respiratory muscle weakness and reduced chemoreceptor sensitivity, which is required for ventilatory drive. This condition results in repeated arousals, sleep fragmentation, and nocturnal hypoxemia, manifesting most commonly as excessive daytime somnolence. Polysomnography can identify sleep disordered breathing in patients with neuromuscular disorders and treatment with noninvasive ventilation may improve quality of life. Copyright © 2016 Elsevier Inc. All rights reserved.

  7. O efeito da eletroestimulação neuromuscular na contração da musculatura supra-hióidea durante a deglutição de indivíduos com disfagia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maíra Barbosa Lobo

    Full Text Available RESUMO Objetivo: verificar o efeito da Eletroestimulação Neuromuscular na contração da musculatura supra-hióidea durante a deglutição em indivíduos pós-Acidente Vascular Cerebral com disfagia orofaríngea. Métodos: participaram da pesquisa oito indivíduos pós-Acidente Vascular Cerebral com disfagia, de ambos os sexos, encaminhados para terapia fonoaudiológica com objetivo de trabalhar a função da deglutição, em início de processo terapêutico. Anteriormente ao início da primeira sessão, foi realizada a mensuração do tempo e amplitude da atividade elétrica muscular através da Eletromiografia de Superfície de Biofeedback. Os pacientes foram divididos aleatoriamente em dois grupos: Grupo Experimental (n=4: pacientes que receberam a fonoterapia tradicional e aplicação da Eletroestimulação Neuromuscular; Grupo Controle (n=4: pacientes que receberam a fonoterapia tradicional. Após oito sessões, todos os pacientes passaram novamente pela Eletromiografia de Superfície de Biofeedback para verificar a atividade elétrica da musculatura supra-hióidea. Os registros dos exames pré e pós intervenção foram comparados nos dois grupos. Resultados: comparando-se as médias das variáveis de amplitude e tempo da atividade elétrica muscular durante a deglutição de saliva e nas duas deglutições de pastoso, não foram observadas diferenças estatisticamente significantes entre os grupos estudados, na comparação dos valores pré e pós intervenção. Conclusões: o uso da Eletroestimulação Neuromuscular nos parâmetros e na metodologia empregada não mostrou-se eficiente em promover maior contração da musculatura supra-hióidea durante a deglutição em indivíduos pós-Acidente Vascular Cerebral com disfagia orofaríngea. Os dados encontrados podem ser decorrentes da metodologia utilizada nesta pesquisa com relação ao protocolo de aplicação da técnica e à forma de mensuração dos resultados.

  8. Avaliação da efetividade e dos preditores de um treinamento a distância em uma instituição bancária de grande porte

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Mourão

    2014-09-01

    Full Text Available Treinamentos corporativos realizados via Intranet têm sido cada vez mais frequentes e o desafio de avaliá-los torna-se presente para pesquisadores e profissionais. Na pesquisa aqui apresentada, o objetivo foi verificar a efetividade de um treinamento a distância. Para tal, foi avaliado um curso na área comercial oferecido por uma instituição bancária de grande porte para seus funcionários. Foram aplicadas cinco escalas a 742 funcionários - atitudes dos participantes em relação à educação a distância, avaliação de necessidade do treinamento, suporte à aplicação do treinamento, impacto do treinamento no trabalho (profundidade e amplitude. Foram realizadas análises de componentes principais, fatoriais exploratórias e de consistência interna, teste t, correlações e regressão múltipla padrão. Nos resultados, revelou-se que os participantes que perceberam maior suporte na aplicação do treinamento, que tinham atitudes mais favoráveis à educação a distância e, sobretudo, que percebiam maior necessidade do treinamento, relataram maior ocorrência de impacto do treinamento no trabalho. Os achados sugerem maior atenção para a fase de diagnóstico de necessidades de capacitação, bem como disseminação contínua das vantagens da educação a distância em ambientes corporativos.

  9. Inibição da Na+/K+ATPase pelo derivado esteróide auabaína: Implicações sobre o ciclo de vesículas sinápticas em junção neuromuscular.

    OpenAIRE

    Ernani Aloysio Amaral

    2006-01-01

    Ouabaína é um derivado esteróide cardiotônico e inibidor específico da Na+K+-ATPase. Neste trabalho, os efeitos da ouabaína sobre o ciclo de vesículas sinápticas na junção neuromuscular de rã foram investigados de forma direta e dinâmica utilizando-se a sonda fluorescente FM1-43. Este marcador consiste em uma molécula anfipática com uma cauda hidrofóbica que promove a ligação da sonda à membrana do terminal axonal. Após um estímulo despolarizante, a membrana marcada com FM1-43 é internalizada...

  10. Efeito do priming na redução da latência do pipecurônio, novo bloqueador neuromuscular não-despolarizante Efecto del priming en la reducción de la latencia del pipecuronio, nuevo bloqueador neuromuscular no despolarizante Effect of priming in shortening onset of pipecuronium, a new nondepolarizing neuromuscular blocker

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Carlos Canga

    2005-08-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Uma das mais importantes propriedades dos bloqueadores neuromusculares é o rápido início de ação, possibilitando intubação traqueal precoce. A administração de pequena dose de bloqueador não-despolarizante antes da dose plena é sabidamente redutora da latência da maioria dos bloqueadores neuromusculares utilizados. O brometo de pipecurônio é um agente aminoesteróide de longa duração com grande estabilidade cardiovascular, porém, com início de ação tardio. O objetivo desse estudo foi avaliar o efeito do priming do pipecurônio em pacientes adultos submetidos a cirurgias eletivas sob anestesia geral. MÉTODO: Foram estudados 33 pacientes adultos de ambos os sexos, com idade entre 20 e 65 anos, estado físico ASA I ou II, submetidos a cirurgias eletivas sob anestesia geral. Foram excluídos do estudo pacientes com insuficiência renal ou hepática, neuromiopatia, uso concomitante de drogas que influenciem a sua farmacocinética ou pacientes com histórico familiar de hipertermia maligna. Foram divididos em dois grupos: Grupo 1 onde foi utilizado o priming com 0,01 mg.kg-1 e três minutos depois completada a dose de 0,08 mg.kg-1 e o Grupo 2, sem dose priming (Grupo Controle. O relaxamento neuromuscular foi controlado pela aceleromiografia (Aparelho TOF-Guard e no momento em que T1 JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Una de las más importantes propiedades de los bloqueadores neuromusculares es el rápido inicio de acción, posibilitando intubación orotraqueal precoz. La administración de pequeña dosis del bloqueador no despolarizante antes de la dosis completa es consabidamente reductora de la latencia de la mayoría de los bloqueadores neuromusculares utilizados. El bromuro de pipecuronio es un agente aminoesteroide de larga duración con grande estabilidad cardiovascular, sin embargo, con inicio de acción tardía. El objetivo de ese estudio es evaluar el efecto del priming del pipecuronio en pacientes

  11. Capacidade de alcance em idosas submetidas a um treinamento de flexibilidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elciana de Paiva Lima Vieira

    2015-12-01

    Full Text Available DOI: http://dx.doi.org/10.5007/1980-0037.2015v17n6p722   O objetivo do presente estudo foi analisar a influência de um treinamento de flexibilidade nos níveis de amplitude articular máxima e capacidade de alcance em idosas praticantes de hidroginástica participantes do projeto Prev-Quedas. As idosas foram alocadas em dois grupos: Intervenção (GI, n=25, no qual foram submetidas a um programa de treinamento de flexibilidade; e Controle (GC, n=21, no qual as idosas participavam, apenas, das aulas de hidroginástica. O treinamento de flexibilidade teve a duração de três meses e frequência semanal de dois dias, composto por exercícios de alongamento envolvendo tronco e membros inferiores, realizados após as aulas de hidroginástica. O método de alongamento utilizado foi o estático passivo. A aferição foi constituída pelos testes de alcance funcional, lateral e goniométrico. A análise estatística foi feita através dos seguintes testes: normalidade de Shapiro-Wilk, ANCOVA, correlação de Pearson e de Spearman. Foram encontrados resultados significativos para o GI no ganho de amplitude articular máxima na articulação do quadril direito (p=0,0025, porém, o mesmo não foi visto nas demais articulações aferidas, assim como também, não houve melhora na capacidade de alcance funcional e lateral para ambos os grupos. Também não foram vistas correlações significativas entre a capacidade de alcance e amplitude articular no tronco, quadril e tornozelo. Portanto, o treinamento de flexibilidade associado à prática da hidroginástica, promoveu aumento da amplitude articular máxima somente na articulação do quadril, contudo, não foi visto melhora na capacidade de alcance. A prática, somente da hidroginástica, apresentou resultados não significativos.

  12. Cryopreserved tracheal segments: a new tool for bench surgical training in thoracic surgery Segmentos criopreservados de traqueia: uma nova ferramenta para auxiliar o treinamento na cirurgia torácica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Avelina Sotres-Vega

    2012-08-01

    suturadas em padrão continuo ou com pontos separados utilizando sutura de polipropileno 5-0. Não houve nenhuma complicação como a ruptura da cartilagem, rasgos na mucosa, cartilagem ou na membrana membranosa posterior. CONCLUSÕES: O modelo de traquéia criopreservada é altamente fidedigno, prático, reproduzível, portátil e de baixo custo. Permite que os cirurgiões cardiotorácicos aprendam como manipular a traquéia, assim como aperfeiçoar suas habilidades cirúrgicas antes de sua aplicação em traquéias de pacientes reais.

  13. Efeito anti-inflamatório do treinamento físico na insuficiência cardíaca: papel do TNF-α e da IL-10 Efecto antiinflamatorio del entrenamiento físico en la insuficiencia cardiaca: rol del TNF-α y de la IL-10 Anti-inflammatory effect of physical training in heart failure: role of TNF-α and IL-10

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Miguel Luiz Batista Júnior

    2009-12-01

    Full Text Available Nos últimos 50 anos, a compreensão sobre as alterações deteriorativas envolvidas na progressão da insuficiência cardíaca (IC, descritas inicialmente como decorrentes de alterações na retenção de sais e fluidos, ou alterações nos parâmetros hemodinâmicos, mudou significatiamente. Recentemente, diversos estudos em pacientes com IC demonstraram níveis plasmáticos (ou no soro alterados de citocinas pro-inflamatórias, tais como o fator α de necrose tumoral (TNF-α, as interleucinas 1, 6 e 18, e a cardiotropina-1, dentre outros marcadores inflamatórios. Essas alterações monstraram-se independentes da etiologia da IC, sugerindo uma via patogênica comum. Em reposta a esses novos achados, intervenções no sentido de evitar e/ou reduzir essas alterações inflamatória tem sido propostas. Os benefícios cardiovasculares, induzidos treinamento aeróbio realizados em intensidades variando de leve a moderada, têm sido previamente relatados. Além disso, tem-se demonstrado que o treinamento físico (aeróbio moderado parece capaz de modular, na vigência de um quadro inflamatório crônico anormal, a expressão elevada de citocinas pró-inflamatórias, moléculas de adesão solúveis, fatores quimioatratantes e estresse oxidativo. Tomados em conjunto, esses dados indicam um possível efeito anti-inflamatório induzido pelo treinamento físico. Dessa forma, esta revisão tem por objetivo abordar o treinamento físico como uma alternativa não farmacológica adjuvante a ser administrada em alguns quadros patológicos em que predominam as alterações crônicas do TNF-α, como na IC. Por sua vez, o "efeito anti-inflamatório" induzido pelo treinamento físico parece ser mediado principalmente pela IL-10.En los últimos 50 años, la comprensión sobre las alteraciones deteriorativas involucradas en la progresión de la insuficiencia cardiaca (IC, descriptas inicialmente como causadas por alteraciones en la retención de sales y fluidos, o

  14. O processo de treinamento como ferramenta de redução dos custos em transporte

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Fernandes Monteiro

    2013-07-01

    Full Text Available Este artigo demonstra o benefício da aplicação de treinamento de pessoal para redução de custos logísticos. Para isso, o estudo se delimita ao setor de transporte rodoviário no Brasil, discutindo práticas atualmente correntes e seus benefícios ao controle e redução de custos na atividade. Na composição de custos de negócios na área de transportes, vários fatores e ações específicas devem ser analisadas para promover mudanças no negócio.

  15. Influência da freqüência de estímulos na instalação do bloqueio neuromuscular produzido pelo rocurônio e pancurônio: avaliação pelo método acelerográfico Influencia de la frecuencia de estímulos en la instalación del bloqueo neuromuscular producido por el rocuronio y pancuronio: evaluación por el método acelerográfico Influence of stimulation frequency on rocuronium and pancuronium-induced neuromuscular block onset: acceleromyography evaluation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Derli da Conceição Munhóz

    2004-02-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Fatores relacionados ao paciente e ao bloqueador neuromuscular (BNM, assim como outros inerentes à monitorização da função neuromuscular podem influenciar na instalação do bloqueio neuromuscular. O objetivo deste estudo foi avaliar a influência de duas diferentes freqüências de estímulos sobre o tempo de instalação do bloqueio produzido pelo pancurônio e pelo rocurônio. MÉTODO: Foram incluídos no estudo 120 pacientes, estado físico ASA I e II, submetidos a cirurgias eletivas sob anestesia geral, distribuídos aleatoriamente em dois grupos, de acordo com a freqüência de estímulo empregada, para a monitorização do bloqueio neuromuscular: Grupo I - 0,1 Hz (n = 60 e Grupo II - 1 Hz (n = 60. Em cada grupo formaram-se dois subgrupos (n = 30 de acordo com o bloqueador neuromuscular empregado: Subgrupo P (pancurônio e Subgrupo R (rocurônio. A medicação pré-anestésica consistiu de midazolam (0,1 mg.kg-1 por via muscular, 30 minutos antes da cirurgia. A indução anestésica foi obtida com propofol (2,5 mg.kg-1 precedido de alfentanil (50 µg.kg-1 e seguido de pancurônio ou rocurônio. Os pacientes foram ventilados sob máscara com oxigênio a 100% até a obtenção de redução de 75% ou mais na amplitude da resposta do músculo adutor do polegar, quando foram realizadas as manobras de laringoscopia e intubação traqueal. A função neuromuscular foi monitorizada com aceleromiografia. Foram avaliados: tempo de início de ação do pancurônio e do rocurônio; tempo para instalação do bloqueio total e condições de intubação traqueal. RESULTADOS: Os tempos médios (segundos para o início de ação e instalação de bloqueio neuromuscular total produzido pelo pancurônio foram: Grupo I (159,33 ± 35,22 e 222 ± 46,56 e Grupo II (77,83 ± 9,52 e 105,96 ± 15,58; para o rocurônio: Grupo I (83 ± 17,25 e 125,33 ± 20,12 e Grupo II (48,96 ± 10,16 e 59,83 ± 10,36 com diferença significativa

  16. Treinamento esfincteriano: métodos, expectativas dos pais e morbidades associadas Toilet training: methods, parental expectations and associated dysfunctions

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Denise M. Mota

    2008-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Revisar a literatura científica e leiga sobre o treinamento esfincteriano, abordando expectativas dos pais, métodos disponíveis para aquisição do controle esfincteriano e morbidades associadas. FONTES DOS DADOS: Publicações no período de 1960 a 2007, obtidas a partir das bases bibliográficas MEDLINE, Cochrane Collaboration, ERIC, Web of Science, LILACS, SciELO e Google; busca em artigos relacionados, referências dos artigos, por autor e nas sociedades de pediatria. Foram examinados 473 artigos, sendo selecionados 85. SÍNTESE DOS DADOS: Os pais apresentam expectativas irreais sobre idade de retirada de fraldas, sem levar em conta o desenvolvimento infantil. As estratégias de treinamento não se modificaram nas últimas décadas, e a idade vem sendo postergada na maioria dos países. Métodos de treinamento raramente são utilizados. O início precoce do treinamento esfincteriano e eventos estressantes durante o período podem prolongar o processo de treinamento. Uma maior freqüência de enurese, infecção urinária, disfunção miccional, constipação, encoprese e recusa em ir ao banheiro é observada nas crianças com treinamento inadequado. A literatura leiga para os pais é abundante e adequada, veiculada através de livros e da Internet, mas não largamente disponível para a população brasileira. Apenas três sociedades internacionais de pediatria disponibilizam diretrizes sobre treinamento esfincteriano. CONCLUSÕES: O controle esfincteriano vem sendo postergado na maioria dos países. Os métodos de treinamento existentes são de décadas passadas, sendo pouco utilizados pelas mães e pouco valorizados pelos pediatras; o treinamento inadequado pode ser um dos fatores causadores de distúrbios miccionais e intestinais, que causam transtornos para as crianças e famílias.OBJECTIVE: To review both the scientific literature and lay literature on toilet training, covering parents' expectations, the methods available

  17. Associação de betabloqueadores e treinamento físico na insuficiência cardíaca de camundongos Asociación de betabloqueantes y entrenamiento físico en la insuficiencia cardíaca de ratones Association of physical training with beta-blockers in heart failure in mice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andréa Somolanji Vanzelli

    2010-09-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: O tratamento da insuficiência cardíaca (IC conta atualmente com diversos tipos de intervenções. Dentre elas, destacam-se a terapia com betabloqueadores (BB e o treinamento físico (TF. Contudo, os efeitos da associação dessas terapias são pouco estudados. OBJETIVO: Verificar os efeitos do tratamento com BB, metoprolol (M e carvedilol (C associados ao TF na IC em camundongos. MÉTODOS: Utilizamos modelo genético de IC induzida em camundongos por hiperatividade simpática. Inicialmente, dividimos os animais com IC em: sedentários (S; treinados (T; tratados com M (138 mg/kg (M ou C (65 mg/kg (C. Na segunda parte, dividimos os grupos em S; treinado e tratado com M (MT e treinado e tratado com C (CT. O TF consistiu em treinamento aeróbico em esteira por 8 semanas. A tolerância ao esforço foi avaliada por teste progressivo máximo e a fração de encurtamento foi avaliada (FE por ecocardiografia. O diâmetro dos cardiomiócitos e a fração de colágeno foram avaliados por meio de análise histológica. Os dados foram comparados por ANOVA de um caminho com post hoc de Duncan. O nível de significância foi considerado p FUNDAMENTO: El tratamiento de la insuficiencia cardiaca (IC cuenta actualmente con diversos tipos de intervenciones. De entre ellas podemos destacar la terapia con betabloqueantes (BB y el entrenamiento físico (EF. Con todo, los efectos de la asociación de estas terapias son poco estudiados. OBJETIVO: Verificar los efectos del tratamiento con BB, metoprolol (M y carvedilol (C asociados al EF en la IC en ratones. MÉTODOS: Utilizamos modelo genético de IC inducida en ratones por hiperactividad simpática. Inicialmente, dividimos los animales con IC en: sedentarios (S; entrenados (E; tratados con M (138 mg/kg (M o C (65 mg/kg (C. En la segunda parte, dividimos los grupos en S; entrenado y tratado con M (ME y entrenado y tratado con C (CE. El EF consistió en entrenamiento aeróbico en estera por 8 semanas. La

  18. Neuromuscular Disorders - Multiple Languages

    Science.gov (United States)

    ... Health Information Translations Spanish (español) Expand Section Neuromuscular Disorders: MedlinePlus Health Topic - English ... Health Information Translations Characters not displaying correctly on this page? See language display issues . Return to the MedlinePlus Health Information ...

  19. [Residual neuromuscular blockade].

    Science.gov (United States)

    Fuchs-Buder, T; Schmartz, D

    2017-06-01

    Even small degrees of residual neuromuscular blockade, i. e. a train-of-four (TOF) ratio >0.6, may lead to clinically relevant consequences for the patient. Especially upper airway integrity and the ability to swallow may still be markedly impaired. Moreover, increasing evidence suggests that residual neuromuscular blockade may affect postoperative outcome of patients. The incidence of these small degrees of residual blockade is relatively high and may persist for more than 90 min after a single intubating dose of an intermediately acting neuromuscular blocking agent, such as rocuronium and atracurium. Both neuromuscular monitoring and pharmacological reversal are key elements for the prevention of postoperative residual blockade.

  20. Neuromuscular blockade in children

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Almeida João Fernando Lourenço de

    2000-01-01

    Full Text Available Neuromuscular blocking agents (NMBAs have been widely used to control patients who need to be immobilized for some kind of medical intervention, such as an invasive procedure or synchronism with mechanical ventilation. The purpose of this monograph is to review the pharmacology of the NMBAs, to compare the main differences between the neuromuscular junction in neonates, infants, toddlers and adults, and moreover to discuss their indications in critically ill pediatric patients. Continuous improvement of knowledge about NMBAs pharmacology, adverse effects, and the many other remaining unanswered questions about neuromuscular junction and neuromuscular blockade in children is essential for the correct use of these drugs. Therefore, the indication of these agents in pediatrics is determined with extreme judiciousness. Computorized (Medline 1990-2000 and active search of articles were the mechanisms used in this review.

  1. Treinamento auditivo acusticamente controlado em um indivíduo adulto após traumatismo cranioencefálico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andrea Tortosa Marangoni Castan

    Full Text Available RESUMO A avaliação eletrofisiológica e comportamental do processamento auditivo tem sido uma importante ferramenta para o diagnóstico e monitoramento terapêutico de indivíduos pós traumatismo cranioencefálico. No presente relato de caso o paciente foi submetido à avaliação eletrofisiológica e comportamental do processamento auditivo pré e pós treinamento auditivo acusticamente controlado (TAAC e seis meses após a intervenção. O TAAC foi organizado em oito sessões, enfocando o treinamento das habilidades auditivas de ordenação temporal, fechamento auditivo e figura-fundo. Na avaliação pós TAAC foi observada melhora quanto aos processos gnósicos de codificação, organização e não verbal. Em relação à avaliação eletrofisiológica houve melhora na morfologia e na latência das ondas do potencial evocado auditivo de tronco encefálico e na amplitude do componente potencial evocado auditivo de longa latência (P300. Na reavaliação após 6 meses do TACC foi verificada estabilidade e melhora da avaliação comportamental e eletrofisiológica. O treinamento auditivo acusticamente controlado mostrou-se eficaz ao desenvolver e refinar diferentes habilidades auditivas como demonstrado na avaliação eletrofisiológica e comportamental do processamento auditivo e os benefícios mostraram-se estáveis no longo prazo.

  2. A importância do treinamento empresarial para a formação de empreendedores: um estudo com base no EMPRETEC-AMAPÁ

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Robson Antonio Tavares Costa

    2015-10-01

    Full Text Available Este artigo tem como objetivo identificar e analisar o valor dos treinamentos empresariais como ferramenta de formação de empreendedores para a abertura de micro e pequenas empresas, capacitação e para o bom desempenho empresarial, inclusive entre o público jovem. Historicamente, a formação do empreendedor é tida como instrumento de ensino e aprendizagem, mas sua eficácia não é comprovada em função da falta de acompanhamento no mercado de trabalho dos que se submetem a esse tipo de aprendizagem. Diante disso, a presente pesquisa tomou por objeto de estudo o acompanhamento realizado no ano de 2011 e 2012 dos participantes do Empreendimento Tecnológico - EMPRETEC - 2010, promovido pelo Serviço Brasileiro de Apoio a Micro e Pequenas Empresas - SEBRAE, na cidade de Macapá, estado do Amapá, cujos dados estão contidos na publicação "Impacto do Treinamento EMPRETEC nos participantes Macapaenses", e se apresentam sistematizados neste artigo. A metodologia utilizada é a da comparação do desempenho dos participantes do treinamento, antes e depois dele. O resultado mostrou que o quantitativo de empresas abertas e sua formalização mais que dobrou quando comparado ao número de empresas existentes antes do treinamento.

  3. A experiência do programa especial de treinamento na educação de estudantes de graduação em enfermagem La experiência del programa especial de entrenamiento en la educación de estudiantes de pregrado en enfermería The experience of the special training program inthe education of undergraduate nursing students

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvia Helena De Bortoli Cassiani

    1998-01-01

    Full Text Available O estudo apresentou o Programa Especial de Treinamento (PET, financiado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Ensino Superior (CAPES,em funcionamento desde 1989 na Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto - USP e destinado a um grupo de doze estudantes com potencial, habilidades e interesse no curso de graduação. O programa propicia a orientação de um tutor, condições para executar atividades extra-curriculares e desenvolvimento de estudos relacionados a graduação. As atividades desenvolvidas são: curso de língua estrangeira, reuniões semanais com o tutor, trabalho científico sob a orientação de um professor, discussão de temas científicos e participação em eventos. Os estudantes agem como multiplicadores, disseminando idéias e práticas a outros estudantes. O PET tem excelente conceito na área acadêmica e alguns ex-alunos estão envolvidos em programas de pós-graduação. Segundo os bolsistas, o programa contribui para seu crescimento pessoal e profissional através da promoção de atividades que levam à integração da formação acadêmica e da futura atividade profissional.Este estudio presenta el Programa Especial de Entrenamiento (PET financiado por la Coordinación de Perfeccionamiento de Personal de Enseñanza Superior (CAPES, en funcionamiento desde 1989, en la Escuela de Enfermería de Ribeirão Preto-USP y destinado a un grupo de doce (12 estudiantes con potencial, habilidades e interés en investigación. El programa propicia la orientación de un tutor, condiciones para adelantar actividades extracurriculares y desarrollo de estudios relacionados al pregrado. La actividades relacionadas son: curso de lingua extrangera, reuniones semanales, trabajo científicos con orientación de un profesor, discusión de temas científicos y participación en eventos. Los estudiantes actúan como multiplicadores dimensinando ideas y prácticas a otros estudiantes. El PET tiene excelente concepto en el

  4. A eficácia do treinamento auditivo acusticamente controlado em idosos com transtorno do processamento auditivo

    OpenAIRE

    Aline Albuquerque Morais

    2015-01-01

    Introdução: No sistema auditivo, as mudanças decorrentes do envelhecimento resultam na dificuldade que os idosos apresentam em compreender a fala, afetando a capacidade de comunicação e de participação nas relações sociais, podendo levar à piora da qualidade de vida desta população. O treinamento auditivo é uma proposta de intervenção baseada na neuroplasticidade que tem o objetivo de adequar as habilidades auditivas de indivíduos com transtorno do processamento auditivo (TPA). Esse método ve...

  5. Influência do treinamento aeróbio e anaeróbio na massa de gordura corporal de adolescentes obesos Influencia del entrenamiento aeróbico y anaeróbico en la masa grasa corporal de adolescentes obesos Influence of the aerobic and anaerobic training on the body fat mass in obese adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Cláudia Fernandez

    2004-06-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi verificar as influências do exercício aeróbio e anaeróbio na composição corporal de adolescentes obesos do sexo masculino. A amostra foi constituída de 28 adolescentes com idades entre 15 e 19 anos, que apresentavam obesidade grave. Os voluntários foram distribuídos aleatoriamente em três grupos: grupo I: exercício anaeróbio; grupo II: exercício aeróbio; e grupo III: controle. O grupo I realizou treinamento intervalado em cicloergômetro que consistiu de 12 "tiros" de 30" com máxima força e velocidade, pedalando com carga alta (0,8% do massa corporal x 25 watts e recuperação ativa de 3'; o grupo II realizou treinamento aeróbio em cicloergômetro pedalando com carga relativa ao limiar ventilatório por 50 minutos. Já o terceiro grupo funcionou como controle, sem atividade física. Todos os grupos tiveram orientação nutricional e o período de intervenção foi de 12 semanas (três meses. Os voluntários realizaram densitometria óssea com análise da composição corporal (DEXA e avaliações médicas e de aptidão física. Quando comparados os períodos inicial e final de intervenção foram observadas reduções nas variáveis massa corporal, IMC, na massa de gordura corporal total e de membros inferiores e na percentagem de gordura corporal de tronco nos grupos de exercício. Diferenças foram observadas entre os grupos I e III para os deltas percentuais de massa de gordura corporal total e de membros inferiores e na percentagem de gordura de membros inferiores. Os dados sugerem que o exercício físico, tanto aeróbio como anaeróbio, aliado à orientação nutricional, promove maior redução ponderal, quando comparado com a orientação nutricional somente, e que, neste estudo, o exercício anaeróbio foi mais eficiente para promover a diminuição da gordura corporal e da percentagem de gordura e o exercício aeróbio foi mais eficaz no sentido de preservar e/ou aumentar a massa magra e a

  6. Efeito da oferta dietética de proteína sobre o ganho muscular, balanço nitrogenado e cinética da 15N-glicina de atletas em treinamento de musculação Effect of the dietary protein intake on the muscular gain, nitrogen balance and 15N-glycine kinetics of athletes in resistance training

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nailza Maestá

    2008-06-01

    Full Text Available O efeito da oferta crescente de proteína sobre o ganho muscular, balanço nitrogenado e cinética da 15N-glicina de atletas de musculação foi estudado em seis jovens saudáveis, praticantes de treinamento com pesos (> 2 anos, sem uso de anabolizantes e concordes com os princípios éticos da pesquisa. Todos receberam adequações dietéticas (0,88g de proteína/kg/dia pré-experimento de 2 semanas (D1 após o que se ofereceu, por idêntico período, dieta contendo 1,5g de proteína/kg de peso corporal/dia com 30kcal/g de proteína (dieta D2. A seguir receberam, nas próximas 2 semanas, a dieta D3, contendo 2,5g de proteína/kg de peso corporal/dia e 30 kcal/g proteína. As avaliações antropométricas, alimentares, biquímicas, balanço nitrogenado (BN e cinética com 15N-glicina foram realizadas no início do estudo, pós D1 (M0 e no último dia das dietas D2 (M1 e D3 (M2. Ao final do estudo (4 semanas houve aumento significativo na massa muscular (1,63±0,9kg, sem diferença entre D2 e D3. O BN acompanhou o consumo protéico/energético (M0 = -7,8g/dia; M1 = 5,6g/dia e M2 = 16,6g/dia e a síntese protéica acompanhou o BN, com significância estatística (pThe effect of increased protein intake on the muscle mass gain, nitrogen balance and 15N-glycine kinetics was studied in six young, healthy subjects practitioners of strength training (> 2 years, without use of anabolic steroids and in agreement with the ethical principles of the research. All athletes received adequate diet (0.88g protein/kg/day during 2 weeks prior the study (D1, and thereafter with diet providing 1.5g of protein/kg/day and 30kcal/g of protein (D2 diet for the subsequent 2 weeks. Later on, they all received diet with 2.5g of protein/kg/day (D3 diet and 30 kcal/g protein for the last two weeks. Body composition, food intake, blood biochemistry, nitrogen balance (NB and 15N-glycine kinetics were determined at the beginning, after D1 (M0 and in the last days of the D2 (M1

  7. Avaliação da efetividade e dos preditores de um treinamento a distância em uma instituição bancária de grande porte

    OpenAIRE

    Mourão, Luciana; Abbad, Gardênia da Silva; Zerbini, Thaís

    2014-01-01

    Treinamentos corporativos realizados via Intranet têm sido cada vez mais frequentes e o desafio de avaliá-los torna-se presente para pesquisadores e profissionais. Na pesquisa aqui apresentada, o objetivo foi verificar a efetividade de um treinamento a distância. Para tal, foi avaliado um curso na área comercial oferecido por uma instituição bancária de grande porte para seus funcionários. Foram aplicadas cinco escalas a 742 funcionários - atitudes dos participantes em relação à educação a di...

  8. Treinamento de força diminui os sintomas depressivos e melhora a qualidade de vida relacionada a saúde em idosas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Letícia BRUNONI

    2015-06-01

    Full Text Available O objetivo do presente estudo foi de avaliar os efeitos do treinamento de força, com prescrição baseada na percepção de esforço, nos sintomas depressivos e na Qualidade de Vida Relacionada à Saúde (QVRS de idosas. Participaram do estudo 24 idosas (idade de 65,6 ± 4,5 anos, submetidas a um treinamento de força duas vezes por semana, durante 12 semanas com intensidade prescrita através da escala de percepção de esforço de BORG. Utilizou-se a escala de depressão geriátrica (EDG de para rastreio de depressão e avaliação dos sintomas depressivos. Para avaliação da QVRS, utilizou-se o Questionário de Qualidade de Vida Short Form-36 (SF-36. Para comparação das variáveis pré e pós-treinamento foi utilizado o teste de Wilcoxon. Foi encontrada uma redução dos sintomas depressivos, bem como da frequência de idosas com pontuação indicativa de episódio depressivo atual, após o treinamento de força. Para a QVRS, foram encontradas melhoras nas subescalas de capacidade funcional, estado geral da saúde, vitalidade e saúde mental. O treinamento de força, baseado na percepção de esforço, foi um método efetivo para uma redução nos sintomas de depressivos das participantes bem como para melhora da QVRS relacionada à saúde nas seguintes subescalas do SF-36: vitalidade, capacidade funcional, estado geral da saúde e saúde mental em idosas.

  9. Cargas elevadas de treinamento alteram funções cognitivas em jogadores de futebol

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Felipe de Oliveira Matos

    2014-10-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: No esporte de rendimento, altas cargas de treinamento são necessárias para que ocorram adaptações biológicas que levem ao aprimoramento da forma física e do desempenho esportivo. OBJETIVO: Investigar o comportamento de variáveis psicológicas e fisiológicas, possíveis indicadores dos estados de estresse e recuperação, em jogadores de futebol ao longo da temporada esportiva, e a possibilidade da utilização desses como marcadores dos estados de treinabilidade dos atletas para prevenir quedas do desempenho e o overtraining. MÉTODOS: Participaram deste estudo 14 jogadores de futebol (18,4 ± 0,6 anos, 9,64 ± 1,61 % com gordura e VO2máx 49,46 ± 2,88 ml/kg/min da categoria júnior de uma equipe de primeira divisão do Brasil. Foram monitorados a percepção de estresse e a recuperação por meio do questionário RESTQ-Sport, a variabilidade de frequência cardíaca (VFC de repouso, analisada no domínio do tempo e da frequência, e o tempo de reação simples. Efetuaram-se três coletas de dados, um controle (C, outra após quatro semanas de treinamentos intensos (T1, e finalmente depois de quatro semanas de treinamentos leves (T2 realizados após T1. RESULTADOS: Não foi encontrada diferença significativa em nenhuma das escalas do RESTQ-Sport e na VFC nos três momentos de coletas. O tempo de reação simples apresentou um aumento significativo(p = 0,047 em T1 em relação a C. CONCLUSÃO: Os resultados indicam que o tempo de reação foi a única variável sensível às alterações do treinamento estudado, podendo ser considerado um bom indicador da treinabilidade dos atletas.

  10. Estimulação elétrica neuromuscular e estimulação eletrotáctil na restauração artificial da preensão e da propriocepção em tetraplégicos Neuromuscular electrical stimulation and electron-tactile stimulation in rehabilitation of artificial prehension and proprioception in tetraplegic patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Claudia Ferrari de Castro

    2001-09-01

    Full Text Available Esse trabalho discute o uso da estimulação elétrica na reabilitação sensoriomotora de membros superiores paralisados. A restauração da função motora de preensão foi obtida pela aplicação da estimulação elétrica neuromuscular, em seqüências de ativação adequadas a realização de atividades do cotidiano como comer, beber, escrever e digitar. Uma luva instrumentalizada com sensores de força possibilitou quantificar o padrão de movimento exercido artificialmente. Esse sistema foi utilizado como alça de realimentação para a restauração de uma propriocepção através da aplicação da estimulação eletrotáctil, possibilitando a evocação de sensações tácteis codificadas, relacionadas ao movimento artificial. A integração sensoriomotora se deu pela aplicação simultânea dos sistemas desenvolvidos, possibilitando desde a restauração de padrões funcionais de preensão, até o reconhecimento do padrão de movimento exercido através das sensações evocadas artificialmente.This paper discusses the use of electrical stimulation in upper limb sensorial and motor rehabilitation. Neuromuscular electrical stimulation (NMES was used aiming to restore motor hand function by means of muscle activation sequences to perform daily living activities such as drinking, eating, writing and typewriting. Custom made gloves instrumented with force transducers were used aiming quantitative evaluation of the artificially generated movement. This system was used as a sensorial feedback supplier for an artificial proprioception system. Encoded tactile sensation relating to artificially generated movements was provided by electron-tactile stimulation. The results showed that the sensorial-motor integration attained yielded both functional movement restoration and the recognition of artificial grasp force patterns, in order to allow the neuroprosthetic system to become closer to the biologic system.

  11. Efeitos do treinamento de força específico no desempenho de nadadores velocistas treinados com parachute

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Danilo Sales Bocalini

    2010-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: verificar os efeitos do treinamento de força específico no desempenho de nadadores velocistas. METODOLOGIA: dois grupos de nadadores randomizados em treinados sem (TSP, n: 8 e com parachute (TCP, n: 12 foram submetidos a treinamento de 12 semanas (6 x semana; 1 sessão de 2 h/dia, sendo avaliados a força muscular (FMMI; a força específica (FE e o tempo de sustentação de força (TSF; o número de braçadas em 50m (NB 50m; o tempo e a velocidade de nado em 15 (V 15m e 50m (V 50m, antes e após o protocolo. RESULTADOS: após o programa de treinamento, não ocorreram modificações na FMMI e V 15m para ambos os grupos. Nas demais variáveis houve melhora significante (p 18%; FE (> 30%; TSF (> 35%; NB 50m ( 16%. O grupo TSP apresentou melhora no TSF (> 9%. CONCLUSÃO: o emprego do parachute foi eficiente em melhorar os parâmetros de força e no desempenho no teste de 50m

  12. Programas de treinamento em criatividade: conhecendo as práticas e resultados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tatiana de Cássia Nakano

    Full Text Available Considerando-se a criatividade enquanto potencial a ser desenvolvido em todos os indivíduos e, portanto, uma característica passível de ser incentivada e treinada, cujos benefícios têm sido destacados principalmente no ambiente escolar, este trabalho teve como finalidade verificar a forma como os programas de treinamento em criatividade vêm sendo implementados e os resultados que vêm sendo obtidos, visando traçar um quadro dos ganhos resultantes desse tipo de programa. Uma seleção de pesquisas encontradas na literatura foi feita, apresentadas de acordo com o nível educacional dos participantes envolvidos, cujos resultados permitiram verificar que a maior parte dos programas aponta resultados positivos e ganhos provenientes desse treinamento, quando se comparam grupos experimentais e controle, sendo, a maior parte deles, desenvolvidos junto a estudantes do ensino fundamental. A análise das pesquisas aponta para diferentes possibilidades de incentivo e treino da criatividade a partir de técnicas diferenciadas, instrumental e planejamento diversificado

  13. Hereditary neuromuscular diseases

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Oezsarlak, O. E-mail: ozkan.ozsarlak@uza.be; Schepens, E.; Parizel, P.M.; Goethem, J.W. van; Vanhoenacker, F.; Schepper, A.M. de; Martin, J.J

    2001-12-01

    This article presents the actual classification of neuromuscular diseases based on present expansion of our knowledge and understanding due to genetic developments. It summarizes the genetic and clinical presentations of each disorder together with CT findings, which we studied in a large group of patients with neuromuscular diseases. The muscular dystrophies as the largest and most common group of hereditary muscle diseases will be highlighted by giving detailed information about the role of CT and MRI in the differential diagnosis. The radiological features of neuromuscular diseases are atrophy, hypertrophy, pseudohypertrophy and fatty infiltration of muscles on a selective basis. Although the patterns and distribution of involvement are characteristic in some of the diseases, the definition of the type of disease based on CT scan only is not always possible.

  14. Hereditary neuromuscular diseases

    International Nuclear Information System (INIS)

    Oezsarlak, O.; Schepens, E.; Parizel, P.M.; Goethem, J.W. van; Vanhoenacker, F.; Schepper, A.M. de; Martin, J.J.

    2001-01-01

    This article presents the actual classification of neuromuscular diseases based on present expansion of our knowledge and understanding due to genetic developments. It summarizes the genetic and clinical presentations of each disorder together with CT findings, which we studied in a large group of patients with neuromuscular diseases. The muscular dystrophies as the largest and most common group of hereditary muscle diseases will be highlighted by giving detailed information about the role of CT and MRI in the differential diagnosis. The radiological features of neuromuscular diseases are atrophy, hypertrophy, pseudohypertrophy and fatty infiltration of muscles on a selective basis. Although the patterns and distribution of involvement are characteristic in some of the diseases, the definition of the type of disease based on CT scan only is not always possible

  15. COMPARAÇÃO DO EFEITO DO TREINAMENTO PROPRIOCEPTIVO NO TORNOZELO DE NÃO ATLETAS E JOGADORES DE VOLEIBOL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Emanuele Lazzari Cristofoli

    Full Text Available RESUMO Introdução: O tornozelo é a articulação que sofre mais lesões tanto na vida diária quanto na prática de esportes, especialmente em praticantes de voleibol, que exige movimentos bruscos. Um menor risco de lesão está ligado à estabilidade articular do tornozelo, que pode ser adquirida através de treinamentos proprioceptivos, utilizados para reabilitação e para prevenção de lesões. Objetivo: Avaliar o efeito de um treinamento proprioceptivo para tornozelo por meio do Star Excursion Balance Test (SEBT em estudantes sedentárias e comparar com resultados obtidos com o mesmo treinamento em atletas do voleibol. Métodos: Onze estudantes sedentárias sem histórico de lesões nos membros inferiores participaram de um treinamento proprioceptivo para os tornozelos, durante quatro semanas. As estudantes foram avaliadas por meio do SEBT antes e após o protocolo de treinamento de propriocepção. Após obtenção das médias pré e pós-teste, foram analisadas intragrupo e comparadas com um banco de dados de estudo que utilizou metodologia idêntica, porém com atletas de voleibol. Resultados: Para a comparação de médias de ambos os tornozelos pré e pós-intervenção das estudantes foi utilizado o teste t pareado. Para comparar os resultados das estudantes com os das atletas foi utilizado o teste t independente. Adotou-se 5% (p ≤ 0,05 como nível de significância e as análises foram realizadas no programa SPSS (Statistical Package for the Social Sciences versão 18. Os resultados no teste SEBT das estudantes pré e pós-intervenção mostraram diferença significativa em três direções para o tornozelo direito e em quatro direções para o esquerdo. As diferenças entre as estudantes e as atletas foram significativas para duas direções no tornozelo direito e para três no esquerdo. Conclusão: Treinar a propriocepção é eficaz para aumentar a estabilidade tanto de sedentários quanto de atletas, indicando ser um

  16. Apostila de treinamento na extensão rural: espaço de tensão entre o discurso da aplicação da ciência e o da experiência prática no campo

    OpenAIRE

    Ferreira,Eric Duarte

    2008-01-01

    O objetivo deste trabalho é analisar o jogo entre a produção e a aplicação de saber em um corpus composto por apostilas de treinamento utilizadas em cursos de Extensão Rural sobre armazenamento de grãos. Partimos da seguinte questão central: como um saber do campo científico é deslocado para o campo da utilização (pedagógico)? Metodologicamente, tomamos esses campos como dois planos que comportam modos distintos de produção de enunciados, de acordo com o que Foucault (1969, 1963) desenvolve a...

  17. Treinamento resistido para idosos: revisão de literatura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Socorro Fernanda Coutinho dos Santos

    2017-04-01

    Full Text Available No Brasil, o ritmo de crescimento da população idosa tem sido sistemático e constante e com isso, acredita-se que em 2025, o Brasil será a sexta maior população de idosos no mundo. Visto isso, os rofissionais da área de saúde mostram o quanto à atividade física se apresenta como fator determinante para o bom processo de envelhecimento. Objetivo: realizar uma avaliação da literatura vigente sobre os efeitos do treinamento resistido em pessoas idosas. Método: para produção da compilação deste estado da arte foram realizadas buscas em bibliotecas da área de ciências biológicas, revistas eletrônicas e bases de dados virtuais. Foram encontrados 31 artigos, após analise dos títulos e resumos, 19 artigos foram excluídos. Foram selecionados 12 artigos para serem analisados para confecção do presente trabalho. Resultados: dos artigos encontrados dois (16,67% investigaram os efeitos do treinamento resistido sobre a mobilidade e aptidão física, três (25% buscaram entender o efeito do treinamento resistido de 12 semanas, três (25% analisaram os efeitos do treinamento resistido sobre a mobilidade, equilíbrio e outras aptidões, três artigos (25% investigaram o efeito do treinamento resistido com diferentes intensidades, ordem de exercícios e intervalos e somente um artigo (8,33% investigou sobre o funcionamento do treinamento resistido. Considerações finais: são poucos os estudos que investigam a relação treinamento resistido com patologias decorrentes desse processo. Apesar disso, os resultados encontrados são significativos e constituem um referencial para estudos posteriores desta natureza sobre a população idosa.

  18. Treinamento de marcha, cardiorrespiratório e muscular após acidente vascular encefálico: estratégias, dosagens e desfechos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Angélica Cristiane Ovando

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Um número crescente de programas de treinamento com resultados positivos tem sido proposto para a reabilitação de pacientes com sequelas motoras após acidente vascular encefálico (AVE. No entanto, observa-se que muitos não oferecem recomendações no que diz respeito a indicações para técnicas e procedimentos específicos. OBJETIVO: Revisar a literatura pertinente sobre programas de treinamento envolvendo marcha, condicionamento cardiorrespiratório e fortalecimento muscular de membros inferiores em pacientes portadores de hemiparesia por sequela de AVE, e descrever a eficácia, limitações e efeitos desses programas na recuperação cardiovascular, funcional e motora dessa população. MÉTODO: Foi realizada uma busca por ensaios clínicos, trabalhos pré-experimentais, meta-análises e revisões de literatura que abordassem os temas treinamento físico, fortalecimento muscular, treinamento de marcha e programas de exercícios para membros inferiores após AVE. RESULTADOS: Foram encontrados 27 artigos relatando diversos protocolos de treinamento (marcha, treinamento cardiovascular, fortalecimento muscular, entre outros e seus efeitos no sistema cardiovascular, músculo-esquelético e sobre o status funcional em indivíduos portadores de hemiparesia após AVE. CONCLUSÃO: Praticamente todas as intervenções relatam resultados positivos em termos de ganhos funcionais, além de efeitos específicos de acordo com o tipo de treinamento. No entanto, as diferenças metodológicas, a carência de grupo controle em alguns estudos, a variabilidade da população estudada e os critérios de análise nem sempre permitem a recomendação segura de procedimentos específicos na prática clínica.

  19. Nível de desidratação após treinamento de ciclismo indoor

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Nery

    2014-07-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A desidratação no ciclismo indoor é um tema pouco estudado na literatura. OBJETIVO: Verificar o nível de desidratação dos praticantes de ciclismo indoor após a atividade, assim como a presença de proteínas na urina. MÉTODOS: Foram recrutados 30 homens (25,5 ± 3,9 anos, praticantes de ciclismo indoor, que realizaram um treinamento de 50 minutos de ciclismo indoor de característica intermitente: a 5 minutos de aquecimento sem carga e com alta velocidade; b 40 minutos de treinamento intermitente (alternando seis ciclos intensos de 5 minutos e cinco ciclos leves de 3 minutos; c cinco minutos de volta à calma sem carga e com regressão da velocidade. Para a verificação do estado de hidratação, foram avaliados: massa corporal, desidratação relativa e absoluta, grau de desidratação, taxa de sudorese e densidade da urina. A intensidade do treino foi verificada por meio da frequência cardíaca e percepção subjetiva de esforço. RESULTADOS: A perda de massa corporal após o treinamento foi significativa (0,523 ± 0,362 kg e correspondeu a um percentual de desidratação de 0,69 ± 0,47%. Nenhum sujeito apresentou nível elevado de desidratação. Com relação à perda proteica na urina, 83,3% dos sujeitos apresentaram baixo nível de proteínas na urina, enquanto 16,7% apresentaram níveis moderados. CONCLUSÃO: A desidratação e a perda de proteínas na urina apresentaram baixos níveis após o treinamento de ciclismo indoor.

  20. Efeitos do treinamento de resistência na força muscular e níveis de fadiga em pacientes com câncer de mama Los efectos de los ejercicios de resistencia sobre varios músculos y niveles de fatiga en pacientes con cáncer de mama The effects of resistance training on muscular strength and fatigue levels in breast cancer patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudio Battaglini

    2006-06-01

    Full Text Available Os efeitos de programas generalizados de atividade física no combate ao câncer e aos efeitos colaterais de seu tratamento têm sido amplamente relatados na literatura. O objetivo do presente estudo foi o de examinar os efeitos de um programa de prescrição de exercício físico individualizado, com ênfase no treinamento resistido, na força muscular e nos níveis de fadiga em pacientes portadoras de câncer de mama em tratamento. Vinte mulheres foram divididas aleatoriamente em dois grupos, sendo um experimental (57,5 ± 23,0 anos e um controle (56,6 ± 16,0 anos. O grupo experimental exercitou-se, após a cirurgia, durante 60 minutos, de forma moderada, duas vezes por semana, durante 21 semanas. A força muscular total foi avaliada antes e após o tratamento e os níveis de fadiga foram avaliados em três momentos durante o treinamento. Foram encontradas diferenças significativas na força muscular total entre os grupos após o treinamento (p = 0,025. Os níveis de fadiga diminuíram significativamente entre os grupos após a primeira (p = 0,001 e a segunda (p = 0,005 intervenção e ao final do tratamento (p = 0,001. Os resultados deste estudo sugerem que os exercícios resistidos devem ser incluídos na prescrição de exercícios no combate da fadiga e na melhoria da força muscular em mulheres com câncer de mama, submetidas a tratamento.Los efectos de programas generalizados de actividad física de combate al cáncer y los efectos colaterales de su tratamiento vienen siendo bastante estudiados. El objetivo del presente estudio ha sido el de examinar los efectos de un programa prescrito de ejercicio físico individual, con énfasis en el entrenamiento resistido, en la fuerza muscular y en los niveles de fatiga en pacientes portadoras de cáncer de mama en tratamiento. Veinte mujeres fueron divididas aleatoriamente en dos grupos, siendo uno de ellos el experimental (57,5 ± 23,0 años y el otro de control (56,6 ± 16,0 años. El grupo

  1. Comparação entre a prescrição de intensidade de treinamento físico baseada na avaliação ergométrica convencional e na ergoespirométrica Comparison between exercise intensity prescription based on a standard exercise test and cardiopulmonary exercise test

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Urbana Pinto Brandão Rondon

    1998-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar os limites inferiores (L.inf. e superiores (L.sup. da prescrição de treinamento físico aeróbio determinada pelo teste ergométrico convencional (60-70% do VO2máx estimado ou 70-85% da FCmáx atingida, com a prescrição obtida pelo teste ergoespirométrico [limiar anaeróbio (LA e ponto de compensação respiratória (PCR]. MÉTODOS: Realizaram teste ergoespirométrico progressivo até a exaustão 47 homens (30±5 anos, divididos em subgrupos, de acordo com a velocidade da esteira durante o teste (4 ou 5mph e a capacidade física medida [baixa (BCF e moderada (MCF]. RESULTADOS: Os L.inf. de prescrição indireta apresentaram valores de VO2 e FC significantemente maiores que os valores de VO2 e FC no LA (4mph= 34,4±4,5 vs 19,6±4,6 e 5mph= 28,9±2 vs 18,9±5,4, e BCF= 32,0±4,1 vs 17,2±2,8 e MCF= 31,6±4,9 vs 21,1±5,7(mlO2.kg-1.min-1 e (4mph = 128,9±7,8 vs 113,1± 15,6 e 5mph= 130,3±5,2 vs 114,1± 18,9, e BCF= 127,6±7,2 vs 109,3±13,2 e MCF= 131,2± 5,7 vs 117,4± 19,2bpm. Os L.sup. de prescrição indireta no grupo de 4mph e BCF apresentaram valores de VO2 significantemente maiores que os valores medidos no PCR (40,1±5,3 vs 32,2±4,3 e 37,4±4,8 vs 30,6±2,5 mlO2.kg-1.min-1, respectivamente, e valores de FC semelhantes aos medidos no PCR. CONCLUSÃO: Os L.inf. da prescrição indireta de treinamento físico superestimam o LA, enquanto os L.sup. parecem adequados somente para indivíduos ativos com MCF.PURPOSE: To compare the lower (LL and upper limits (UL of exercise intensity prescription based on standard exercise test (60-70% of estimated VO2max or 70-85% of HRmax measured with exercise intensity prescription based on cardiopulmonary exercise test [anaerobic threshold (AT and respiratory compensation point (RCP]. METHODS: Fourty seven men (30±5 years who were submitted to a progressive cardiopulmonary exercise test until exhaustion were divided in subgroups according to treadmill speed during exercise test (4

  2. Effects of different methods of antagonist muscles pre-activation on knee extensors neuromuscular responses Efeitos da ordem de pré-ativação dos músculos antagonistas nas respostas neuromusculares dos extensores do joelho

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo L. Carregaro

    2011-12-01

    Full Text Available BACKGROUND: Pre-activation of antagonistic muscles is used in different modalities of exercise and neuromuscular rehabilitation protocols, but its effectiveness is still controversial. OBJECTIVE: To verify the impact of two different methods of pre-activation of knee antagonist muscles in the neuromuscular performance and electromyographic activity of knee extensors. METHODS: Fifteen healthy men (23.9±4.2 years of age, 1.78±0.08 meters and 81.4±10.7 kg performed, on different days, two protocols of isokinetic muscle contraction with 4 sets of 10 repetitions at 60°.s-1 and 1 minute between sets: (1 Reciprocal Contraction (RC: reciprocal concentric exercise of agonist/antagonist muscles (knee flexion [KF] immediately followed by knee extension [KE] and (2 Superset (SS: alternated concentric exercise of agonist/antagonist muscles (KF set followed by a set of KE. A repeated measures ANOVA with least-significant difference post-hoc test was used to detect differences between protocols. RESULTS: There were no significant differences between protocols (p>0.05 for peak torque (PT and total work (Tw. On the SS protocol there was a significant decrease in Tw on the last two sets (pCONTEXTUALIZAÇÃO: A pré-ativação de músculos antagonistas é utilizada em diferentes modalidades de exercício e em diferentes protocolos de reabilitação neuromuscular, porém suas respostas ainda são controversas. OBJETIVO: Verificar o impacto de duas diferentes estratégias de pré-ativação de músculos antagonistas no desempenho neuromuscular e na atividade eletromiográfica dos extensores do joelho. MÉTODOS: Quinze homens sadios (23,9±4,2 anos; 1,78±0,08 m e 81,4±10,7 kg realizaram, em dias distintos, dois protocolos de ações musculares isocinéticas com quatro séries de dez repetições a 60°.s-1 e intervalo de 1 minuto entre séries: 1 contração recíproca (CR: exercício concêntrico recíproco de antagonistas/agonistas (uma repetição de flex

  3. Neuromuscular complications in cancer.

    Science.gov (United States)

    Grisold, W; Grisold, A; Löscher, W N

    2016-08-15

    Cancer is becoming a treatable and even often curable disease. The neuromuscular system can be affected by direct tumor invasion or metastasis, neuroendocrine, metabolic, dysimmune/inflammatory, infections and toxic as well as paraneoplastic conditions. Due to the nature of cancer treatment, which frequently is based on a DNA damaging mechanism, treatment related toxic side effects are frequent and the correct identification of the causative mechanism is necessary to initiate the proper treatment. The peripheral nervous system is conventionally divided into nerve roots, the proximal nerves and plexus, the peripheral nerves (mono- and polyneuropathies), the site of neuromuscular transmission and muscle. This review is based on the anatomic distribution of the peripheral nervous system, divided into cranial nerves (CN), motor neuron (MND), nerve roots, plexus, peripheral nerve, the neuromuscular junction and muscle. The various etiologies of neuromuscular complications - neoplastic, surgical and mechanic, toxic, metabolic, endocrine, and paraneoplastic/immune - are discussed separately for each part of the peripheral nervous system. Copyright © 2016 Elsevier B.V. All rights reserved.

  4. Purinoceptors in neuromuscular transmission

    NARCIS (Netherlands)

    Henning, RH

    1997-01-01

    At the neuromuscular junction, P-2-purinoceptors mediate the actions of the co-transmitter ATP and P-1-purinoceptors, those of its degradation product adenosine. The classification of the subtypes of P-1- and P-2-purinoceptors and their signal transduction routes is presented. Purinoceptor mediated

  5. Treinamento desportivo: perfil acadêmico dos líderes de grupos de estudo brasileiros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hudson Fabricius Peres Nunes

    Full Text Available Resumo Este estudo objetivou caracterizar o perfil acadêmico dos professores líderes de grupos de estudo brasileiros que desenvolvem pesquisas na subárea de treinamento desportivo. A metodologia usada foi a pesquisa descritiva dos currículos acadêmicos encontrados no banco de dados da Plataforma Lattes, tendo em vista que os dados quantitativos foram interpretados a partir da análise qualitativa das informações. Os resultados revelam que os grupos estão vinculados principalmente a universidades da Região Sudeste, a maioria dos líderes é doutor e a prevalência da produção científica está relacionada à preparação orgânica, pedagógica, psicológica e desportiva dos atletas.

  6. Efeitos agudos do treinamento concorrente sobre os níveis séricos de leptina e cortisol em adultos jovens sobrepesados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Iara S. Cruz

    2012-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Este estudo teve como objetivo analisar os efeitos imediatos do treinamento concorrente sobre a leptina e os níveis de cortisol em adultos jovens com sobrepeso. MÉTODOS: Este estudo utilizou uma metodologia quase-experimental. Foram 20 indivíduos voluntários de ambos os sexos, divididos em um grupo sobrepesado treinamento (GST n = 10 e um grupo sobrepesado controle (n = 10. A coleta de sangue foi realizada com os indivíduos em repouso após jejum de 12 horas. Os níveis de leptina e cortisol foram analisados por radioimunoensaio e ensaio por quimioluminescência chimiluminescence antes e imediatamente após o treinamento. ANOVA two way foi utilizada para análise estatística com nível de significância de p < 0,05. RESULTADOS: Na análise da leptina sérica, observou-se diferença significativa intergrupos (GST x GSC nos momentos pré-intervenção (p = 0,02 e pós-intervenção (p = 0,01. Na análise intragrupos, não foram observadas alterações significativas. E na análise do cortisol sérico intergrupos (GST x GSC, foi observada uma diferença significativa nos momentos pré-intervenção (p = 0,01 e pós-intervenção (p = 0,01, porém, na análise intragrupos, não houve alterações significativas. CONCLUSÃO: Uma única sessão de treinamento concorrente não é suficiente para promover alterações agudas nos níveis de leptina e cortisol dos jovens adultos sobrepesados voluntários deste estudo.

  7. Responsividade das variáveis da composição corporal e metabólicas de mulheres pós-menopausa submetidas a 16 semanas de treinamento combinado

    OpenAIRE

    Diniz, Tiego Aparecido [UNESP

    2016-01-01

    Introdução: O período pós-menopausa é caracterizado por 12 meses ininterruptos de ausência de ciclo menstrual. Mulheres nesse período apresentam aumento da gordura corporal total, especialmente abdominal. Sabe que a gordura dessa região está relacionada com o desenvolvimento de diversas doenças, sendo assim, estratégias que visem tratar ou prevenir esse desfecho se fazem importante. Nesse contexto se destaca o treinamento combinado (associação de treinamento de força e aeróbio na mesma s...

  8. Análise imunocitoquímica do infiltrado inflamatório na miosite com corpos de inclusão citoplasmática e em outras doenças neuromusculares com vacúolos marginados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    SCOLA ROSANA HERMINIA

    1998-01-01

    Full Text Available Encontramos 16 casos com vacúolos marginados entre 1400 biópsias musculares cujo diagnóstico final foi miosite com corpos de inclusão citoplasmática esporádica (MCIC (4 casos, atrofia muscular espinhal juvenil (6 casos, miopatias distais (3 casos, distrofia das cinturas pélvica e escapular (2 casos e neuropatia periférica (1 caso. Foram utilizados anticorpos monoclonais contra linfócitos T totais e subpopulações (CD4+ e CD8+, linfócitos B, macrófagos, células exterminadoras naturais (NK, imunoglobulinas e porção C3 do complemento. A análise foi quantitativa e de acordo com o local de acúmulo (interstício, intra-fibra e perivascular. Linfócitos CD8+ foram encontrados no interstício na maioria dos casos, sendo menos comuns dentro das fibras musculares e raros no espaço perivascular. Os casos de MCIC apresentaram maior número de linfócitos CD8+ se comparados às outras doenças. A proporção de células CD8+/CD4+ foi maior na MCIC do que nas outras doenças. Existiam macrófagos em grande proporção na MCIC, miopatias distais e em um dos casos de distrofia das cinturas pélvica e escapular. Células NK foram frequentes no interstício nos casos de MCIC e mais raras nas outras doenças. Houve maior depósito de imunoglobulinas e complemento nos casos de MCIC do que nas demais doenças. O grande número de células CD8+ e a relação CD8+/CD4+ podem auxiliar no diagnóstico diferencial da MCIC de outras doenças neuromusculares com vacúolos marginados.

  9. Respostas bioquímicas e físicas ao treinamento realizado dentro e fora da água em atletas de futsal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mabel Micheline Olkoski

    2013-06-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi analisar os efeitos do treinamento físico em quadra e do treinamento físico em piscina (hidroginástica sobre os índices bioquímicos relativos ao dano muscular e a aptidão física de atletas de futsal. Doze jogadores de futsal foram divididos em dois grupos: 1 grupo de treinamento em quadra (GTQ, n = 6 e 2 grupo de treinamento em piscina (GTP, n =6. Foram verificados os índices de capacidades aeróbicas e aneróbicas pelos testes de RAST e Yo-yo intermitent, o dano muscular pela creatina quinase (CK e lactato desidrogenase (LDH e os níveis de stress oxidativo pelos níveis de ácido tiobarbitúrico (TBARS e atividade da catalase (CAT antes e após 10 sessões de trainamento (p<0,05. Os resultados mostraram que ambos os grupos melhoraram a condição aeróbica após as 10 sessões de treinamento. Mas o GTP apresentou maior atividade da CAT em repouso e menores níveis de CK ao ser comparado com o GTQ na 10ª sessão de treino. Concluiu-se que o treino com hidroginástica parece ser uma alternativa interessante para a melhoria das capacidades físicas e para a proteção muscular durante a preparação física inicial de atletas de futsal.

  10. EFEITOS DO TREINAMENTO COMBINADO SOBRE A FORÇA, RESISTÊNCIA E POTÊNCIA AERÓBICA EM IDOSAS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Janesca Mansur Guedes

    Full Text Available RESUMO Introdução: O envelhecimento traz várias modificações, entre as quais o declínio progressivo das funções fisiológicas do organismo. Tanto o treino de força quanto um programa de resistência aeróbica são importantes para evitar o declínio funcional associado à idade. Objetivo: Avaliar os efeitos de um programa de treinamento combinado de força e resistência aeróbica sobre a força de preensão manual, a massa muscular, a resistência e potência aeróbica de idosas. Métodos: Trinta e cinco mulheres (65,7 ± 6,68 anos foram divididas em três grupos: treinamento combinado (TC; n = 15, treinamento de força (TF; n = 10 e treinamento aeróbico (TA; n = 10. Cada grupo treinou duas vezes por semana durante oito semanas, sendo que o grupo TC teve treinamento de força e aeróbico uma vez por semana. Foi utilizado o teste estatístico ANOVA e t de Student, com p ≤ 0,05. Resultados: Foi possível verificar melhoras significativas (p ≤ 0,05 dos valores de VO2pico no momento da determinação do limiar anaeróbico e aumento na força de preensão manual em todos os grupos pesquisados, assim como dos valores de massa muscular do vasto lateral (p ≤ 0,05. Conclusão: Os resultados sugerem que um programa de treinamento combinado é tão eficaz para ocasionar aumentos de massa muscular, potência e resistência aeróbica de idosas, quanto o treinamento de resistência aeróbica ou força realizado duas vezes por semana, organizados separadamente.

  11. Hematologia e bioquímica sérica de equinos de concurso completo de equitação em treinamento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J.M. Santiago

    2013-04-01

    Full Text Available Avaliaram-se a hematologia e a bioquímica sérica em equinos de concurso completo de equitação (CCE em treinamento durante testes de esforço incremental em esteira ergométrica de alta velocidade. Foram utilizados 16 equinos em delineamento experimental inteiramente ao acaso com quatro tratamentos e quatro repetições em esquema de parcelas subdivididas, utilizando-se como fontes de variação nos tratamentos a idade e o histórico de treinamento em CCE. As parcelas foram constituídas pelos testes incrementais realizados nas fases inicial e final do treinamento. As subparcelas foram representadas pelos tempos de avaliação e coletas. Os equinos do grupo experimental novos iniciantes apresentaram valor médio do hematócrito de 43,24%, sendo inferior ao hematócrito do grupo adultos iniciantes, 45,63%, novos experientes, 46,39%, e competidores, 47,74%. Houve diferença (P<0,05 entre os testes físicos realizados nas fases inicial e final do treinamento, com redução na concentração plasmática de glicose, de 112 para 98,88mg/dL, nas concentrações séricas de creatinina, de 1,41 para 1,29mg/dL, e de proteínas totais, de 6,52 para 6,38g/dL, na contagem de monócitos, de 0,54 para 0,48 10³/mm³, e com aumento na concentração plasmática de lactato, de 3,31 para 3,79mmol/L, na concentração sérica de ácido úrico, de 1,44 para 1,77mg/dL, no hematócrito, de 44,19 para 46,90%, na concentração de hemoglobina, de 14,33 para 15,10g/dL, e na contagem de leucócitos totais, de 9,26 para 9,61 10³/mm³. O treinamento dos equinos de CCE aumentou o condicionamento físico dos equinos, com maior capacidade de metabolização do lactato após o exercício e aumento nos valores basais do hematócrito e da concentração de hemoglobina.

  12. Análise do treinamento proprioceptivo no equilíbrio de atletas de futsal feminino

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fábio Oliveira Baldaço

    Full Text Available OBJETIVO: O objetivo deste trabalho foi avaliar a eficiência de um protocolo de exercícios proprioceptivos no equilíbrio de atletas de futsal feminino. METODOLOGIA: A amostra foi composta por cinco atletas do time de futsal da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM. Os treinamentos ocorreram três vezes por semana, durante um mês. As atletas foram avaliadas pré e pós-treinamento em uma plataforma de força no Laboratório de Biomecânica do Centro de Educação Física e Desportos da UFSM. RESULTADOS: Os resultados mostraram uma redução estatisticamente significativa na média e na amplitude do centro de pressão pré e pós-intervenção, na direção médio-lateral e condição olhos fechados, o que demonstra que houve maior controle do equilíbrio corporal na posição e condição solicitada. Não foram encontradas diferenças estatisticamente significativas nas variáveis do centro depressão na condição olhos abertos. Acredita-se que esse resultado esteja relacionado à dominância da aferência visual sobre a proprioceptiva, que pode ter interferido na avaliação das alterações proprioceptivas. CONCLUSÃO: O protocolo de propriocepção sugerido demonstrou maior controle de equilíbrio postural nas condições e na amostra avaliada.

  13. Efeitos aditivos da ventilação não invasiva ao treinamento muscular respiratório sobre a tolerância ao exercício na DPOC: ensaio clínico cego, randomizado e controlado

    OpenAIRE

    Koch, Rodrigo

    2016-01-01

    A baixa tolerância ao exercício em pacientes DPOC, fator causador da diminuição da qualidade de vida devido ao descondicionamento físico, parece ser o resultado da interação entre a sobrecarga do sistema respiratório e a fraqueza muscular respiratória, associados à diminuição da força muscular periférica. O objetivo desse estudo foi avaliar os efeitos aditivos da ventilação não invasiva ao treinamento muscular inspiratório sobre a tolerância ao exercício em pacientes DPOC. P...

  14. [Characteristics of neuromuscular scoliosis].

    Science.gov (United States)

    Putzier, M; Groß, C; Zahn, R K; Pumberger, M; Strube, P

    2016-06-01

    Usually, neuromuscular scolioses become clinically symptomatic relatively early and are rapidly progressive even after the end of growth. Without sufficient treatment they lead to a severe reduction of quality of life, to a loss of the ability of walking, standing or sitting as well as to an impairment of the cardiopulmonary system resulting in an increased mortality. Therefore, an intensive interdisciplinary treatment by physio- and ergotherapists, internists, pediatricians, orthotists, and orthopedists is indispensable. In contrast to idiopathic scoliosis the treatment of patients with neuromuscular scoliosis with orthosis is controversially discussed, whereas physiotherapy is established and essential to prevent contractures and to maintain the residual sensorimotor function.Frequently, the surgical treatment of the scoliosis is indicated. It should be noted that only long-segment posterior correction and fusion of the whole deformity leads to a significant improvement of the quality of life as well as to a prevention of a progression of the scoliosis and the development of junctional problems. The surgical intervention is usually performed before the end of growth. A prolonged delay of surgical intervention does not result in an increased height but only in a deformity progression and is therefore not justifiable. In early onset neuromuscular scolioses guided-growth implants are used to guarantee the adequat development. Because of the high complication rates, further optimization of these implant systems with regard to efficiency and safety have to be addressed in future research.

  15. O uso de bloqueadores neuromusculares no Brasil El uso de bloqueadores neuromusculares en Brasil Neuromuscular blockers in Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Cristina Simões de Almeida

    2004-12-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Dados estatísticos referentes ao uso de bloqueadores neuromusculares no Brasil são desconhecidos. Este trabalho se propõe a análise estatística desse tópico. MÉTODO: Foram compiladas 831 respostas de um questionário preenchido em parte por anestesiologistas presentes ao 48º Congresso Brasileiro de Anestesiologia em Recife, 2001 e em parte via Internet, por anestesiologistas cujos endereços eletrônicos constam na página da Sociedade Brasileira de Anestesiologia (www.sba.com.br. Foram analisados os seguintes dados: tempo de contato com a especialidade, região onde atuam os anestesiologistas, uso de bloqueadores neuromusculares (BNM em ordem de preferência, indicações do uso de succinilcolina, uso do monitor da transmissão neuromuscular, critérios para se considerar o paciente descurarizado, uso de neostigmina, forma de administração dos BNM e descrição de complicações observadas. RESULTADOS: A maioria dos anestesiologistas em questão exerce a profissão há mais de 11 anos e o maior número de respostas foi proveniente da região sudeste do Brasil. O BNM mais empregado é o atracúrio, seguido de pancurônio e succinilcolina. A succinilcolina é mais empregada na indução rápida e em crianças (80% e 25% respectivamente. Monitores da transmissão neuromuscular, 53% dos anestesiologistas nunca usam, e como critério de recuperação, 92% consideram o paciente descurarizado mediante sinais clínicos. Em 45% das vezes os profissionais empregam a neostigmina de forma rotineira, e 94% administra os BNM sob forma de bolus. Cerca de 30% registra ter havido complicação decorrente do uso de BNM. As complicações mais apontadas foram o bloqueio prolongado, o broncoespasmo grave e a curarização residual. CONCLUSÕES: O atracúrio é o bloqueador neuromuscular mais empregado no Brasil, há percentual alto de uso da succinilcolina em situações não emergenciais, o uso de monitores da transmiss

  16. New experimental model for training in videosurgery Novo modelo experimental para treinamento em videocirurgia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Danilo Malta Batista

    2012-10-01

    Full Text Available PURPOSE: To develop a new experimental model of lower cost for training in videosurgery. METHODS: This project was performed at the Nucleus of Experimental Surgery of the Bahiana School of Medicine and Public Health, based on previous models described in the literature and under the supervision of the full professor of Operative Technique and Experimental Surgery II. It was made a model cube-shaped, made of wood, with holes distributed in various locations, rubber stoppers for the holes and lined externally with carpet, and internally with laminate. RESULTS: The new experimental model is of low cost and reproduces quite faithfully several videosurgical procedures. CONCLUSION: Medical schools interested in the subject may adopt the new model for training in videosurgery without the need of high costs for making and using these models.OBJETIVO: Desenvolver um novo modelo experimental de baixo custo para treinamento em videocirurgia MÉTODOS: Este projeto foi conduzido no Núcleo de Cirurgia Experimental da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, baseado em modelos prévios descritos na literatura e sob a supervisão do professor titular de Técnica Operatória e Cirurgia Experimental II. Foi feito um modelo em formato de cubo, de madeira, com furos distribuídos em vários locais, tampas de borracha para os orifícios e forrado externamente com carpete e internamente com laminado. RESULTADOS: O novo modelo experimental desenvolvido é de baixo custo e reproduz de forma bastante fiel diversos procedimentos videocirúrgicos. CONCLUSÃO: Faculdades médicas interessadas no tema poderão adotar o novo modelo para o treinamento em videocirurgia sem que sejam necessários gastos elevados para a confecção e o uso desses modelos.

  17. O PAPEL DO HOSPITAL NO TREINAMENTO DE ENFERMEIROS PARA A ASSISTÊNCIA PRIMÁRIA DE SAÚDE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Judith Feitoza de Carvalho

    1981-01-01

    Full Text Available Conceitua-se o Hospital como elo da cadeia sistêmica de estabelecimentos de saúde, prestando serviços integrais de saúde à comunidade, com um programa assistencial que contempla ações de proteção, recuperação, reabilitação e higiene ambiental. O marco referencial disso foi a participação do Brasil na 32.ª Assembléia Mundial de Saúde, em 1979, quando a Delegação Brasileira aprovou o documento "FORMULAÇÃO DE ESTRATÉGIAS COM VISTAS A ALCANÇAR SAÚDE PARA TODOS NO ANO 2000", assumindo o compromisso de proporcionar assistência de saúde tecnicamente adequada, economicamente exeqüível e socialmente justa à ampla faixa da população brasileira. O Hospital tem responsabilidades no cumprimento da meta: "SAÚDE PARA TODOS", e no contínuo desenvolvimento de recursos humanos próprios, que são o instrumento fundamental para viabilização de todo processo de mudança ou de inovação institucional, para melhorar a prestação de serviços de saúde.É desejável que o treinamento seja formalizado no contexto da estrutura organizacional, devendo ser programado, acompanhado, avaliado e contínuo, no tempo. O efeito de um programa de treinamento reside basicamente na clara definição dos objetivos a alcançar e numa cobertura abrangente a todas as categorias profissionais e ocupacionais, executores e gestores de projetos/atividades, em toda a linha hierárquica institucional. A eficácia do treinamento de ENFERMEIROS para a assistência primária de saúde, a nível do Hospital, depende diretamente das experiências de ensino-aprendizagem proporcionadas por essa unidade, cujo programa global deve conter as ações de saúde de nível primário que lhe compete prestar à população que lhe é adstrita. Num sistema regionalizado, o treinamento de ENFERMEIROS e de outros profissionais deve estender-se aos níveis de prestação de saúde, seguindo o fluxo percorrido pela clientela em sua demanda aos serviços de saúde.

  18. Treinamento de músculos inspiratórios em pacientes com quadriplegia Inspiratory muscle training in quadriplegic patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Janne Marques Silveira

    2010-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Determinar se o treinamento de músculos inspiratórios pode aumentar a força e endurance desses músculos em pacientes com quadriplegia. MÉTODOS: Oito pacientes quadriplégicos (7 homens e 1 mulher com lesão medular cervical entre C4 e C7 foram submetidos ao treinamento de músculos inspiratórios utilizando-se um resistor de carga linear ajustado em 30% da PImáx. As sessões de treinamento foram realizadas com os pacientes sentados 5 vezes por semana por 8 semanas. Tempo de endurance, PImáx, PEmáx e CVF foram medidos antes do treinamento e nas semanas 4 e 8. RESULTADOS: Em comparação ao valor basal médio, houve um aumento da PImáx, mensurada na posição sentada, nas semanas 4 e 8 (-83,0 ± 18,9 cmH2O vs. -104,0 ± 19,4 e -111,3 ± 22,7 cmH2O. Houve aumento da PEmáx, também na posição sentada, na semana 4 (de 36,8 ± 8,1 a 42,6 ± 8,8 cmH2O. Houve uma melhora na FVC na 4ª semana (de 2,1 ± 0,8 a 2,5 ± 0,6 L, representando um incremento de 24 ± 22%. O tempo de endurance (sentado não apresentou um aumento significativo entre o momento basal e a semana 8 (29,8 ± 21,0 min vs. 35,9 ± 15,5 min; aumento de 173 ± 233%. CONCLUSÕES: Pacientes com quadriplegia podem se beneficiar com o treinamento com baixas cargas (30% da PImáx, com melhora da força dos músculos inspiratórios, CVF e efetividade dos músculos expiratórios.OBJECTIVE: To determine whether inspiratory muscle training can increase strength and endurance of these muscles in quadriplegic patients. METHODS: Eight quadriplegic patients (7 males and 1 female with injury to the lower cervical spine (segments C4-C7 were submitted to inspiratory muscle training with a threshold inspiratory muscle trainer adjusted to 30% of MIP. The training sessions were carried out with the patients in a sitting position, 5 days a week for 8 weeks. Endurance time, MIP, MEP and FVC were determined at baseline, week 4 and week 8. RESULTS: In comparison with the mean baseline value

  19. Efeitos de diferentes intensidades de treinamento aeróbio sobre a composição corporal em adolescentes obesos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Priscyla Praxedes Gomes

    2013-06-01

    Full Text Available DOI: http://dx.doi.org/10.5007/1980-0037.2013v15n5p594 O objetivo do presente estudo foi verificar os efeitos de diferentes intensidades de treinamento físico aeróbio sobre a composição corporal de adolescentes obesos submetidos à intervenção multidisciplinar. O estudo caracterizou-se como ensaio clinic aleatorizado. Quarenta e dois adolescentes (13 a 17 anos obesos (IMC = 34,48±3,88 kg/m2 púberes (estágio 3 e 4 participaram de 12 semanas de intervenção multidisciplinar. Os adolescentes foram alocados aleatoriamente em dois grupos experimentais: treinamento de alta intensidade (TAI (N=20 – intensidade correspondente ao limiar ventilatório I (LVI; e treinamento de baixa intensidade (TBI (N=22 - 20% abaixo do LVI. As sessões de exercício foram isocalóricas (350 kcal. Todos os voluntários receberam acompanhamento clínico, nutricional e psicológico. A massa corporal (kg, estatura (cm e dobras cutâneas (mm foram mensuradas. O percentual de gordura foi estimado por meio da equação de Slaughter, em seguida, a massa magra e massa gorda foram estimadas. Após 12 semanas de intervenção foram verificadas reduções na massa corporal, IMC e adiposidade em ambos os grupos (p<0,001, bem como elevação da massa magra dos adolescentes (p<0,001. No presente estudo, a intervenção multidisciplinar se mostrou efetiva na modulação da composição corporal e da adiposidade dos adolescentes obesos. Entretanto, tais resultados parecem ser independentes da intensidade de treinamento aeróbio a qual os grupos foram submetidos.

  20. Treinamento físico pré-competitivo e marcadores de desempenho, estresse e recuperação em jovens atletas de voleibol

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Victor Hugo de Freitas

    2014-12-01

    Full Text Available DOI: http://dx.doi.org/10.5007/1980-0037.2015v17n1p31   O objetivo deste estudo foi analisar o efeito do treinamento físico aplicado em um período pré-competitivo na potência e na resistência de força explosiva de membros inferiores, no estresse e na recuperação de jovens atletas de voleibol. Sete atletas (15,8 ± 0,5 anos, 186,1 ± 6,6cm, 75,9 ± 1,8kg de uma equipe de voleibol sub-16, do sexo masculino, foram treinados durante um período pré-competitivo de quatro semanas. A carga interna de treinamento (CIT foi monitorada pelo método PSE da sessão. Testes de salto vertical com contramovimento (CMJ e de natureza intermitente, de quatro séries de 15 segundos (TSVI, foram avaliados no 1º dia de treinamento (linha de base, no último dia da 2ª (pós-semana 2 e da 4ª semana (pós-semana 4. O Questionário RESTQ-Sport foi aplicado na linha de base, no último dia da 2ª, 3ª e 4ª semanas (Pós-semana 2, 3 e 4. A CIT não foi diferente (p>0,05. O CMJ aumentou no pós-semana 2, comparado com a linha de base e no pós-semana 4, comparado com o pós-semana 2 (p<0,05. A média de potência nos 15 segundos iniciais e a média de potência das quatro séries de 15 segundos do TSVI foram maiores no pós-semana 4, comparado à linha de base (p<0,01. As escalas Fadiga e Lesões do RESTQ-Sport se alteraram ao longo do treinamento (p<0,05. Conclui-se que o treinamento aplicado durante o período pré-competitivo proporcionou incrementos no CMJ e no TSVI, e as alterações no RESTQ-Sport sugerem que os atletas apresentaram níveis adequados de estresse e recuperação.

  1. Anesthetic consideration for neuromuscular diseases.

    Science.gov (United States)

    Katz, Jeffery A; Murphy, Glenn S

    2017-06-01

    The aim of this review is to examine data relating to perioperative management of the patient with neuromuscular disorders RECENT FINDINGS: Patients with pre-existing neuromuscular disorders are at risk for a number of postoperative complications that are related to anesthetic drugs that are administered intraoperatively. Careful preoperative assessment is necessary to reduce morbidity and mortality. In particular, the risk of postoperative respiratory failure and need for long-term ventilation should be reviewed with patients. The use of succinylcholine should be avoided in muscular dystrophies, motor neuron diseases, and intrinsic muscle disease due to a risk of malignant hyperthermia, hyperkalemia, rhabdomyolysis, and cardiac arrest. The use of quantitative neuromuscular monitoring should be strongly considered whenever nondepolarizing neuromuscular blocking agents are administered. A number of case series and reports have been recently published demonstrating that sugammadex can be safely used in patients with neuromuscular disease; the risk of residual neuromuscular is nearly eliminated when this agent is administered intraoperatively. Careful assessment and management of patients with underlying neuromuscular diseases is required to reduce postoperative complications. This article reviews the anesthetic implications of patients undergoing surgery with neuromuscular disorder.

  2. MRI in neuromuscular disorders

    International Nuclear Information System (INIS)

    Fischmann, Arne

    2014-01-01

    Neuromuscular disorders are caused by damage of the skeletal muscles or supplying nerves, in many cases due to a genetic defect, resulting in progressive disability, loss of ambulation and often a reduced life expectancy. Previously only supportive care and steroids were available as treatments, but several novel therapies are under development or in clinical trial phase. Muscle imaging can detect specific patterns of involvement and facilitate diagnosis and guide genetic testing. Quantitative MRT can be used to monitor disease progression either to monitor treatment or as a surrogate parameter for clinical trails. Novel imaging sequences can provide insights into disease pathology and muscle metabolism. (orig.)

  3. Efeitos da eletroestimulação e da facilitação neuromuscular proprioceptiva na marcha de hemiparéticos = Effects of electric stimulation and proprioceptive neurofunctional facilitation on the gait of hemiparetics

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mileski, Maria Eliane

    2013-01-01

    Full Text Available Introdução: Em hemiparéticos, o treino de marcha tem papel primordial no seu retorno às atividades de vida diária. Assim, o estudo de novas técnicas que resultem em melhora da marcha e do equilíbrio dessa população é de evidente valor para garantir-lhes maior independência funcional, menor risco de quedas, menor dependência de familiares e, provavelmente, melhora na qualidade de vida. Objetivo: Determinar se o uso concomitante da Facilitação Neuromuscular Proprioceptiva (PNF e da Estimulação Elétrica Funcional (FES influenciaria positivamente a marcha de voluntários que sofreram Acidente Vascular Encefálico (AVE ocorrido há pelo menos 18 meses antes do seu engajamento no estudo. Materiais e Métodos: Neste estudo de uma série de casos, a amostra de caráter intencional foi composta por três indivíduos acometidos por hemiparesia espástica (dois homens, tratados em 16 sessões domiciliares de Fisioterapia, nas quais foram aplicadas as técnicas de PNF em concomitância à aplicação da corrente FES. A marcha dos participantes foi avaliada qualitativamente e quantitativamente (Timed Up and Go Test - TUG, antes da primeira e após a última sessão de tratamento. Resultados: Após o tratamento, nos três voluntários foi observada diminuição importante no tempo despendido no TUG (voluntário 1= 10,5%; voluntário 2= 14,3%; voluntária 3= 19,2% e melhora no padrão da marcha. Conclusão: Desta forma, ponderamos que o uso de PNF em concomitância com FES trouxe benefícios devido ao aumento da mobilidade em um período em que não se esperaria mais ganhos funcionais em pacientes com hemiparesia espástica

  4. Treinamento físico: considerações práticas e científicas Physical training: scientific and practical considerations

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hamilton Roschel

    2011-12-01

    Full Text Available O treinamento físico é uma importante área de atuação profissional da Educação Física e do Esporte. Ela tem por objetivo precípuo, a melhoria do desempenho físico-esportivo através da aplicação de um processo organizado e sistemático composto por exercícios físicos. Nos últimos anos, os progressos tecnológicos e nos métodos de investigação científica nas diferentes subáreas relacionadas ao treinamento físico trouxeram um avanço significativo na obtenção deste objetivo. Neste artigo será discutido, do ponto de vista acadêmico-científico e também da prática profissional, o estado da arte do conhecimento associado à avaliação do treinamento, ao controle da carga de treinamento, aos modelos de organização da carga de treinamento e ao desenvolvimento das capacidades motoras. Esperamos que ao final, o leitor possa ter um bom entendimento destes diferentes componentes, como eles contribuem para a modificação do desempenho motor e como aplicá-los para a elaboração, implementação, avaliação e reformulação de programas de treinamento físico.Physical training is an important field of work for the Physical Education and Sport professional. Its main goal is to develop the physical capacity and sports performance of an individual by means of an organized and systematic application of physical exercises. In the past years, the technological progress in the scientific investigation within the different disciplines related to physical training have contributed a great deal towards the accomplishment of such goal. In this manuscript we discuss, from both an academic-scientific and from a practical application point-of-view, the state of the art of the knowledge associated with the physical training evaluation, loading control, loading scheming, and the development of physical abilities. Our goal is to provide a comprehensive overview of the different components of the physical training and how they contribute to

  5. Neuromuscular junction disorders.

    Science.gov (United States)

    Verschuuren, Jan; Strijbos, Ellen; Vincent, Angela

    2016-01-01

    Diseases of the neuromuscular junction comprise a wide range of disorders. Antibodies, genetic mutations, specific drugs or toxins interfere with the number or function of one of the essential proteins that control signaling between the presynaptic nerve ending and the postsynaptic muscle membrane. Acquired autoimmune disorders of the neuromuscular junction are the most common and are described here. In myasthenia gravis, antibodies to acetylcholine receptors or to proteins involved in receptor clustering, particularly muscle-specific kinase, cause direct loss of acetylcholine receptors or interfere with the agrin-induced acetylcholine receptor clustering necessary for efficient neurotransmission. In the Lambert-Eaton myasthenic syndrome (LEMS), loss of the presynaptic voltage-gated calcium channels results in reduced release of the acetylcholine transmitter. The conditions are generally recognizable clinically and the diagnosis confirmed by serologic testing and electromyography. Screening for thymomas in myasthenia or small cell cancer in LEMS is important. Fortunately, a wide range of symptomatic treatments, immunosuppressive drugs, or other immunomodulating therapies is available. Future research is directed to understanding the pathogenesis, discovering new antigens, and trying to develop disease-specific treatments. © 2016 Elsevier B.V. All rights reserved.

  6. Perineal neuromuscular fatigue.

    Science.gov (United States)

    Deffieux, X; Hubeaux, K; Damphousse, M; Raibaut, P; Sheikh Ismael, S; Thoumie, P; Amarenco, G; Lapeyre, E; Jousse, M

    2006-07-01

    The physiology of urinary continence during stress is complex and the role of passive and active mechanisms remains unclear. Coughing leads to a contraction of urethral rhabdomyosphincter and pelvic floor muscles leading to a positive urethro-vesical gradient and continence. Neuromuscular fatigue can involve all striated muscles, including rhabdomyosphincter, peri-urethral and pelvic floor muscles. This article reviews results of studies assessing perineal muscular fatigue in urinary incontinence. A systematic review of the literature (Medline, Pascal and Embase) with use of the MESH keywords fatigue, stress, urinary incontinence, pelvic floor, urethra, urethral pressure, and muscle. Animal models have shown that the pelvic muscles (iliococcygeus and pubococcygeous) exhibit more neuromuscular fatigue than classical skeletal striated muscles (i.e. soleus muscle). Although the human external urethral sphincter is considered to be a highly fatigue-resistant muscle with its high proportion of slow muscle fibers, repeated coughing seems to lead to decreased urethral pressure in numerous women affected with stress urinary incontinence. In this case, "urethral fatigue" might be a possibility. Although few studies have focused on perineal muscular fatigue, such increased fatigue in pelvic floor muscles may play a role in the pathophysiologic features of stress urinary incontinence in women.

  7. Efeito do treinamento muscular respiratório em indivíduos desnutridos submetidos a cirurgias abdominais altas

    OpenAIRE

    Adriana Claudia Lunardi

    2010-01-01

    Racional: A desnutrição calórico-protêica é um problema de saúde pública mundial e atinge cerca de 40% da população com doenças gastrointestinais candidata a cirurgias abdominais altas eletivas. Objetivos: Avaliar os efeitos do treinamento da musculatura respiratória na função respiratória e na incidência de complicações pulmonares em indivíduos desnutridos submetidos a cirurgias abdominais altas (desfecho primário), após caracterizar a função respiratória em portadores de desnutrição calóric...

  8. BENEFÍCIOS DO TREINAMENTO FUNCIONAL PARA O EQUILÍBRIO E PROPRIOCEPÇÃO DE DEFICIENTES VISUAIS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sara Teresinha Corazza

    Full Text Available RESUMO Introdução: A deficiência visual é uma limitação sensorial que afeta 6,5 milhões de pessoas somente no Brasil, chegando a 285 milhões no mundo. Os sujeitos afetados pela deficiência visual têm dificuldade maior para manter o equilíbrio, já que a visão é um dos principais sentidos envolvidos nesse complexo processo. Para melhorar essa capacidade físico-motora e, consequentemente, a qualidade de vida desses sujeitos, é necessário aperfeiçoar os outros sistemas de propriocepção. Um dos métodos para isso é o treinamento funcional. Objetivo: Analisar os efeitos do treinamento funcional sobre a propriocepção e o equilíbrio de pessoas com deficiência visual. Métodos: O presente estudo de caso analisou três sujeitos com cegueira total ou baixa visão, durante um programa de treinamento funcional que teve duração de 12 semanas, com duas sessões semanais. O equilíbrio postural foi avaliado em uma plataforma de força, em condição bipodal e olhos vendados. A avaliação da propriocepção de membros superiores foi realizada com um cinesiômetro e a avaliação de membros inferiores foi realizada com a fixação de um flexímetro na articulação do joelho dominante do participante, ambas com os olhos vendados. Os resultados foram analisados de maneira descritiva e utilizando a técnica de análise de séries temporais. Resultados: Todos os sujeitos apresentaram melhora do equilíbrio postural. Com respeito à propriocepção do membro superior, o sujeito 1 (S1 apresentou melhora e quanto à propriocepção do membro inferior todos os sujeitos apresentaram melhora. Conclusão: Dessa forma, os resultados sugerem que o treinamento funcional influenciou positivamente o equilíbrio e a propriocepção desses indivíduos.

  9. Efeito do treinamento proprioceptivo no equilíbrio de atletas de ginástica rítmica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marianne Lamb

    2014-10-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A ginástica rítmica (GR é uma modalidade esportiva que combina arte a gestos biomecânicos de alta complexidade, que requer alto nível de desenvolvimento de qualidades físicas como: agilidade, flexibilidade, força, impulsão e destreza. Nessa modalidade, estudos comprovam que as lesões mais frequentes ocorrem nas articulações do joelho e tornozelo e, em alguns casos, nas extremidades do punho, sendo os entorses as mais registradas, principalmente em atletas de nível de competição. Diante disso, a propriocepção e o controle muscular possuem papel fundamental na estabilidade articular dinâmica, já que após lesões ortopédicas algumas características sensório-motoras são alteradas e devem ser o foco de programas de reabilitação para que se obtenha melhor retorno às atividades como antes da lesão. OBJETIVO: Avaliar o efeito do treinamento proprioceptivo sobre o equilíbrio postural de atletas de ginástica rítmica, a partir da utilização da plataforma de força. MÉTODOS: Foi realizado um treinamento proprioceptivo no período de 2 meses, subdividido em três fases, com progressão da complexidade dos exercícios a cada fase de treinamento. RESULTADOS: Podemos observar que houve uma melhora significativa dos resultados da última fase do treinamento, quando foram utilizados exercícios de maior complexidade e agilidade, de acordo com o protocolo. CONCLUSÃO: Por se tratarem de atletas de GR de alto desempenho e apresentarem predomínio de atividades em apoio unipodal, os protocolos de propriocepção devem ser mais intensos, gerando um maior nível de perturbações e desequilíbrios posturais.

  10. Treinamento aeróbio intenso promove redução da pressão arterial em hipertensos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafaella Zulianello dos Santos

    2015-08-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: O treinamento físico promove importantes respostas adaptativas no organismo que diminuem a morbidade e a mortalidade em hipertensos. Entretanto, são poucos os estudos que avaliaram a resposta pressórica do treinamento aeróbio de diferentes intensidades em hipertensos. Objetivo: Analisar os efeitos do treinamento físico aeróbio intenso com relação ao treinamento físico moderado sobre a pressão arterial ambulatorial em hipertensos.MÉTODOS: Participaram do estudo 32 hipertensos (48 ± 9 anos randomizados como: grupo de treinamento aeróbio de intensidade moderada (IM, intensidade de 60-65% da frequência cardíaca de reserva, 40 minutos, três sessões por semana (n=12; exercício aeróbio de alta intensidade (AI, intensidade de 80% a 85% da frequência cardíaca de reserva (n=12, com a duração ajustada para atingir o mesmo gasto energético que a IM e um grupo controle (GC sem exercícios (n=10. Nos três grupos foram avaliadas variáveis da monitorização ambulatorial da pressão arterial de 24 horas (MAPA antes e após as oito semanas de intervenção.RESULTADOS: Após a intervenção a pressão arterial sistólica (PAS da vigília reduziu 10,1 mmHg (p=0,024 em AI e 9,7 mmHg (p=0,035 em IM e a pressão arterial diastólica (PAD da vigília reduziu 12,3 mmHg (p=0,002 em AI e 8,4 mmHg (p<0,001 em IM. A PAS do sono reduziu 9,5 mmHg (p=0,004 apenas em AI e 9,8 mmHg (p=0,005 em IM. A PAD do sono reduziu 8,2 mmHg (p=0,006 em AI e 4,8 mmHg (p<0,007 em IM. As cargas pressóricas sistólicas e diastólicas da vigília e do sono reduziram-se significativamente apenas em AI.CONCLUSÃO: Treinamento físico aeróbio moderado e intenso com duração equalizada pelo gasto calórico tem efeito hipotensor semelhante em hipertensos. A carga pressórica reduziu apenas na AI, sendo assim intensidade-dependente.

  11. Análise de lesão muscular e comportamento do vo2máx entre um programa de treinamento de corrida em piscina funda e corrida em terra

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alecsandra Pinheiro Vendrusculo

    2014-12-01

    Full Text Available Objetivo: avaliar e comparar a ocorrência de lesão muscular e o comportamento do consumo máximo de oxigênio (VO2máx entre um programa de treinamento de corrida em terra (CT e um programa de treinamento de corrida em piscina funda (CPF. Método: participaram do estudo 14 indivíduos não treinados. O treinamento durou 12 semanas, três vezes na semana. Analisou-se o comportamento do VO2máx pré e pós-treinamento. Para a análise de lesão muscular utilizou-se a enzima creatina quinase (CK pré, logo após, pós 24h e 48h da sessão, a cada quatro semanas e a ultrassonografia (US a cada quatro semanas. Resultados: Quando se analisou o comportamento do VO2máx, verificou-se diferença entre os valores pré e pós-treinamento, mas não houve diferença entre os grupos. Quanto à CK, verificou-se diferença entre os grupos na medida 24hs após, o que não foi verificado nas outras medidas. Para o grupo CT, somente nas coletas dois e quatro verificou-se diferença entre as medidas 24hs após e 48hs após, mas não ocorreram diferenças significativas entre as medidas e nem entre os grupos. Na US, nenhum dos grupos apresentou diferença significativa entre os exames, mas no grupo CT apareceram duas lesões na terceira coleta. Considerações finais: concluiu-se que as duas modalidades de treinamento proporcionam uma melhora na aptidão cardiorrespiratória e, embora não tenha ocorrido diferença significativa em algumas coletas de CK entre os grupos, a CT provocou maiores aumentos na concentração sanguínea de CK, sugerindo que o meio líquido pode ser o mais indicado para proteger o sistema musculoesquelético.

  12. Development of weigh training programs for children Elaboração de programas de treinamento de força para crianças

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sidiclei Risso

    2003-10-01

    Full Text Available A hypokinetic lifestyle has increased among children and adolescents in the past few years, leading to risk factors which favor the chronic-degenerative diseases in the early childhood. Thus, the development of physical activity programs for this age group becomes necessary. The purpose of this study was to review the literature about the factors that can be related to the development of weight training programs with extra load for children. Aspects related to the physical activity in the childhood, caloric damage, physical fitness related to health, reasons that make children and adolescents practise or give up physical activity, physical fitness stability during childhood, physiological aspects and growth factors, are discussed. The factors that can interfere in the motor capacity strength, the myths related to weight training with children, possible benefits obtained from this practice, factors that should be taken into consideration regarding specific weight training for children, weight training supervision during childhood, general guidelines for weight training in children, developing weight training programs for children and discussion about strength testing, are dealt with more specifically. When supervised properly by specialists, the specific and individualized training for children and adolescents can generate a significant muscular strength gain, and contribute favorably for health promotion and life quality in this age group.   Um estilo de vida hipocinético tem aumentado entre crianças e adolescentes nos últimos anos, e isso faz com que os fatores de risco se apresentem mais facilmente, favorecendo o surgimento de doenças crônico-degenerativas já na infância. Logo, torna-se necessário a criação de programas de atividade física para essa faixa etária. O objetivo desse estudo é realizar uma revisão de literatura acerca dos fatores que se relacionam à montagem de um programa de treinamento com sobrecarga para crian

  13. Aplicação de instrumentos de avaliação de estados de humor na detecção da síndrome do excesso de treinamento Aplicación de instrumentos de evaluación de los estados de humor en la detección del síndrome de exceso de entrenamiento Application of mood states validation instruments in the detection of the overtraining syndrome

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Izabel Cristina Provenza de Miranda Rohlfs

    2004-04-01

    Full Text Available As pressões provocadas pelas exigências do esporte competitivo levam muitos atletas a excederem os limites de sua capacidade física e psicológica, acarretando a manifestação da síndrome do excesso de treinamento (overtraining. O intuito deste artigo de revisão é, a partir do material original, discutir o processo de validação do Perfil dos Estados de Humor-Adolescentes (POMS-A para uso em adultos(1. Esse instrumento foi desenvolvido para permitir uma rápida mensuração dos estados de humor entre populações de adolescentes e adultos, já tendo sido demonstrada, em recentes pesquisas, sua eficácia no diagnóstico desses estados alterados pelo treinamento intensivo. O POMS-A foi administrado a atletas adultos de competição, atletas estudantes adultos, atletas adolescentes de competição e estudantes adolescentes. Um subgrupo de atletas estudantes adultos foi utilizado para testar a validade do critério do POMS-A. A análise do fator confirmatório deu suporte para a validade fatorial do modelo de 24 itens e seis fatores, usando ambas as análises: independente e amostras múltiplas. Relações entre os escores do POMS-A e medidas validadas previamente, que eram coerentes com fundamentações teóricas, sustentaram a validade do critério de medida. Evidências foram encontradas dando suporte à integridade psicométrica do POMS-A quando se estendeu de adolescentes para populações de adultos. Tais evidências sugerem que o POMS-A é um instrumento apropriado para avaliação de perfis do humor, além do que a brevidade do teste facilita a coleta de dados em ambientes de pesquisa. Pretende-se, em estudos posteriores, validar e aplicar o instrumento BRUMS (nome atual do POMS-A na detecção da síndrome do excesso de treinamento em atletas brasileiros, para o que já existe autorização dos autores Terry, Lane e Fogarty(1.Las presiones provocadas por las exigencias del deporte competitivo llevan muchos atletas a exceder los l

  14. Efeitos do treinamento aeróbio sobre o perfil lipídico de ratos com hipertireoidismo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata Valle Pedroso

    2012-08-01

    Full Text Available Há poucos estudos analisando a importante relação entre o exercício físico, agudo e crônico, e alterações metabólicas decorrentes do hipertireoidismo. O objetivo do presente estudo foi analisar o efeito de quatro semanas de treinamento aeróbio sobre o perfil lipídico de ratos com hipertireoidismo experimental. Foram utilizados 45 ratos da linhagem Wistar, divididos aleatoriamente em quatro grupos: Controle Sedentário (CS - administrados com salina durante o período experimental, não praticaram exercício físico (n = 12; Controle Treinado (CT - administrados com salina, participaram do treinamento (n = 11; Hipertireoidismo Sedentário (HS - induzidos ao hipertireoidismo, não praticaram exercício físico (n = 12; e Hipertireoidismo Treinado (HT - induzidos ao hipertireoidismo, participaram do treinamento (n = 10. O treinamento aeróbio teve duração de quatro semanas, cinco vezes na semana, com duração de uma hora por sessão. Após o término do período experimental todos os ratos foram anestesiados em câmara de CO2 até sua sedação. Coletaram-se amostras de sangue para dosagem de colesterol total, triglicerídeos, HDL-colesterol e LDL-colesterol e hormônio T3; e amostras do coração, fígado, músculo gastrocnêmio e tecido adiposo das regiões mesentérica, retroperitonial e subcutânea para pesagem e dosagem de triglicerídeos. Para análise estatística utilizou-se ANOVA two-way, seguida do post hoc LSD de Fischer. Observaram-se menores valores de AGL no grupo HS quando comparado ao CS. O grupo HS teve nível de triglicerídeos significativamente superior nas regiões mesentérica, do gastrocnêmio e retroperitonial quando comparado com os grupos CS e CT, e apenas o tecido adiposo da região retroperitonial apresentou diferenças significativas na qual o grupo HT apresentou menor peso quando comparado com o grupo CS. Pode-se concluir que os ratos hipertireoidicos apresentaram perfil lipídico diferente dos ratos

  15. Caracterização da carga de treinamento no voleibol de alto rendimento

    OpenAIRE

    Horta, Thiago Andrade Goulart

    2014-01-01

    A quantificação e a distribuição adequada das cargas de treinamento, somados a análise de marcadores de estresse e rendimento envolvidos no processo de treinamento, são fundamentais para que ocorram as adaptações psicofisiológicas específicas e o aumento de rendimento dos atletas. Dessa forma, o presente estudo teve os seguintes objetivos 1) analisar o comportamento das variáveis bioquímicas, psicológicas e de rendimento em quatro momentos do período preparatório de treinamento; 2) analisar o...

  16. A influência do treinamento de força especial explosiva pliométrica para membros inferiores em saltos e velocidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo Alves Gonçalves

    2017-01-01

    Full Text Available O futsal, esporte muito praticado em escolas no Brasil e que se utiliza força explosiva de membros inferiores e a velocidade de seus praticantes. A fim de conseguir melhor rendimento de seus atletas, professores e treinadores de futsal, podem criar métodos de treinamento bastante eficientes para esta determinada modalidade, que enfoquem a força explosiva de membros inferiores e a velocidade, em virtude disso este estudo tem como objetivo verificar a influência do treinamento de força especial explosiva de membros inferiores, em saltos e velocidade, que estão sempre presentes em jogos de futsal. Para realizar o estudo foram utilizados vinte alunos do sexo masculino do Colégio Marista de Ribeirão Preto com idade média de 16  1 ano, que treinam futsal duas vezes na semana. Os vinte indivíduos foram submetidos aos testes de Corrida de 50 Metros, Sargen´t Jump Test Adaptado e o de Salto Longitudinal; após as avaliações os alunos foram subdivididos em dois grupos de dez alunos cada, sendo os grupos A e B. O grupo A foi submetido a oito semanas de treinamento pliométrico com cones, o grupo B não teve nenhum tipo de treinamento físico. Após este período de treinamento os grupos A e B foram reavaliados. Assim conclui pelos resultados apresentados pelo grupo A e grupo B, que o Grupo A, que treinou, obteve uma melhora significativa em relação aos valores obtidos antes do treinamento e sobre o grupo B, que não realizaram nenhum tipo de treinamento físico. Sendo que o grupo B, sem fazer treinamento físico algum, também obteve melhora no seu pós-teste, mas o grupo A teve rendimento superior ao grupo B no pós-teste. ABSTRACT The influence of special explosive plyometric strength training for lower limbs in heels and speed The futsal, sport very practiced at schools in Brazil and that is used explosive force of inferior members and your apprentices' speed. In order to get your athletes' better revenue, teachers and futsal trainers

  17. Efeito de um programa de treinamento concorrente sobre variáveis de saúde de uma mulher com múltiplas hérnias de disco: caso clínico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    O. Sales‐Barros

    2016-06-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi verificar o efeito de um programa de treinamento concorrente sobre a saúde de uma mulher de 42 anos de idade, com múltiplas hérnias de disco lombares. O treinamento consistiu em exercícios funcionais, resistidos e flexibilidade, durante um período de 16 semanas. Foram analisadas a composição corporal, a força, a qualidade de vida, a flexibilidade e a percepção de dor. Houve melhorias no percentual de gordura, massa magra, massa gorda, flexibilidade e força nos membros inferiores. A percepção da dor na região cervical e no quadril direito foi anulada após a 9.a semana. O mesmo ocorre na região lombar, com exceção de que houve um ligeiro aumento na percepção da dor na penúltima semana, que se reduziu completamente no final do estudo. Houve melhora da saúde física e mental, e qualidade de vida em geral. Concluímos que o treinamento concorrente melhorou as variáveis de saúde no estudo de caso.

  18. EFEITOS DO TREINAMENTO FÍSICO NO ENDOTÉLIO APÓS CIRURGIA DE REVASCULARIZAÇÃO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Priscila Aikawa

    2015-12-01

    Full Text Available Introdução A cirurgia de revascularização do miocárdio (CRM é uma das mais frequentes cirurgias realizadas em todo o mundo, muitos estudos vêm relatando os benefícios do treinamento físico para a melhora da capacidade funcional, porém há poucos estudos sobre os efeitos na função endotelial vascular. Objetivo Analisar os efeitos do treinamento físico sobre a função endotelial vascular em pacientes submetidos à CRM, isoladamente na fase tardia da reabilitação após seis meses de programa de reabilitação cardíaca (PCR. Métodos Foram incluídos pacientes que haviam sido submetidos à CRM no período máximo de um ano após a cirurgia. O PRC foi empregado durante seis meses consecutivos, com três sessões semanais. Todos os pacientes realizaram exames laboratoriais, teste de força muscular de uma repetição máxima (1-RM para os membros superiores e inferiores, teste de caminhada de 6 min (TC6M e avaliação da função endotelial através da técnica de vasodilatação mediada pelo fluxo. Resultados Onze pacientes iniciaram o PRC, porém nove pacientes o completaram. A média de idade foi de 66 anos (50 a 82 anos e o sexo masculino foi predominante (55,6%. Houve mudanças significativas nos exames laboratoriais bioquímicos: aumento do colesterol total (Basal: 162 ± 31mg/dL vs. 195 ± 39mg/dL; P=0,012 e diminuição da hemoglobina glicada (Basal: 6,74 ± 1,64% vs. 6,26 ± 1,62%; P=0,028. A força muscular aumentou significativamente nos membros superiores e inferiores (P=0,030 e P=0,038, respectivamente; no TC6M observou-se um aumento significativo de 20% na distância percorrida (P=0,020 após seis meses consecutivos de treinamento e houve uma melhora na vasodilatação mediada pelo fluxo (Basal: 6,35 ± 3,92% vs. 6 meses: 9,90 ± 4,19%; P=0,026. Conclusão O treinamento combinado realizado em seis meses ajudou a melhorar a função endotelial e a capacidade funcional de pacientes sedentários que foram submetidos à CRM

  19. The cross-sectional area of the superficial digital flexor tendon of trained and untrained Thoroughbred racehorses Área transversal do tendão flexor digital superficial de cavalos Puro Sangue Inglês de corrida em treinamento e sem treinamento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Guiomar Matos Santiago Reis

    2010-08-01

    Full Text Available Twenty Thoroughbred racehorses were ultrasonographically evaluated to determine the relation between normal values of the cross-sectional area (CSA of the right and left forelimbs superficial digital flexor tendons (SDFT in the metacarpal region for trained and untrained Thoroughbreds racehorses. Ultrasonography revealed that CSA at 26cm distal to the accessory carpal bone is larger than other proximal levels, for either left or right forelimbs. In addition, the CSA at 2, 4, 6, 8, 10, 12 and 14cm distal to the accessory carpal bone of the left forelimb are larger (P0.05 between left and right forelimb for CSA of the SDFT, at any level, for either trained or untrained horses, and there was no significant difference between untrained or trained horses for the CSA of right forelimb. In conclusion, the CSA of the left forelimb SDFT for horses that had been in continuous race training remains larger when they were trained anticlockwise, contrary to horses that had not been training for more than one year.Vinte cavalos da raça Puro Sangue Inglês de corrida foram submetidos a exame ultrassonográfico, com o intuito de determinar a relação entre os valores normais da área do tendão flexor digital superficial (TFDS na região metacarpiana dos membros torácicos direito e esquerdo, em cavalos com e sem treinamento. O exame ultrassonográfico revelou que a área do tendão 26cm distal ao osso acessório do carpo é maior em comparação com as alturas proximais, tanto nos membros torácicos esquerdos, como nos membros torácicos direitos. Além disso, a área do TFDS nas alturas 2, 4, 6, 8, 10, 12 e 14cm, no membro torácico esquerdo, é maior (P0,05 nas áreas do TFDS entre os membros torácicos direito e esquerdo, tanto para os animais em treinamento, como para os animais sem treinamento. Também não foi encontrada diferença significativa em comparação com o membro direito dos cavalos em treinamento e sem treinamento. Conclui-se que os cavalos

  20. O papel do esteroide anabolizante sobre a hipertrofia e força muscular em treinamentos de resistência aeróbia e de força

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Everton Crivoi do Carmo

    2011-06-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Os efeitos dos esteroides anabolizantes (EA sobre a massa muscular e força são controversos e dependentes do treinamento realizado e das fibras musculares recrutadas. Com isso, o objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos da associação de EA ao treinamento de força ou aeróbio sobre a hipertrofia e força muscular. MÉTODOS: Ratos Wistar (42 foram divididos em seis grupos: sedentário (SC, n = 7, sedentário anabolizante (SA, n = 7, treinado natação controle (TNC, n = 7, treinado natação anabolizante (TNA, n = 7, treinado força controle (TFC, n = 7 e treinado força anabolizante (TFA, n = 7. O EA foi administrado duas vezes por semana (10mg/kg/semana. Os protocolos de treinamento foram realizados durante 10 semanas, cinco sessões semanais. Foram avaliadas a hipertrofia dos músculos sóleo, plantar e gastrocnêmio (massa muscular corrigida pelo comprimento da tíbia, a proteína total muscular (Bradford e a força muscular em patas traseiras (testes de resistência à inclinação. RESULTADOS: Não foram observadas diferenças significantes na hipertrofia do músculo sóleo. Os grupos TFC e TFA apresentaram, respectivamente, hipertrofia de 18% e 31% no músculo plantar comparado ao grupo SC. A hipertrofia foi 13% maior no grupo TFA em relação ao grupo TFC. Resultados semelhantes foram encontrados no músculo gastrocnêmio. Os grupos TFC e TFA apresentaram significantes aumentos na quantidade total de proteína nos músculos plantares, sendo essa mais pronunciada no grupo TFA e positivamente correlaciona a hipertrofia muscular. Observamos aumento de força nas patas traseiras nos grupos TCF e TAF. CONCLUSÃO: A administração de EA ou sua associação ao treinamento aeróbio não aumenta a massa muscular e força. Porém, à associação ao treinamento de força leva a maior hipertrofia muscular em fibras glicolíticas. Portanto, o tipo de treinamento físico, recrutamento muscular e características das fibras

  1. UM JOGO PARA TREINAMENTO DE OPERADORES DE SONDAS DE PERFURAÇÃO TERRESTRE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Ferdinandy Silva Chagas

    2012-03-01

    Full Text Available No intuito de reduzir a possibilidade de acidentes e falhas no processo de perfuração de poços de petróleo, um treinamento contínuo para os trabalhadores é altamente recomendado. Neste trabalho é proposto um jogo que simula uma plataforma de perfuração. No jogo, os jogadores são expostos a várias circunstancias nas quais eles podem exercitar seu conhecimento sobre seu trabalho e aprender o que fazer em situações adversas. Técnicas de inteligência artificial serão aplicadas ao jogo no intuito de atingir essa funcionalidade. Os recursos da aplicação incluem interação instantânea entre vários jogadores em ambiente virtual 3D. Ela é uma aplicação baseada na web, que permite jogadores remotamente executá-la em diferentes plataformas.

  2. Neuromuscular disease classification system

    Science.gov (United States)

    Sáez, Aurora; Acha, Begoña; Montero-Sánchez, Adoración; Rivas, Eloy; Escudero, Luis M.; Serrano, Carmen

    2013-06-01

    Diagnosis of neuromuscular diseases is based on subjective visual assessment of biopsies from patients by the pathologist specialist. A system for objective analysis and classification of muscular dystrophies and neurogenic atrophies through muscle biopsy images of fluorescence microscopy is presented. The procedure starts with an accurate segmentation of the muscle fibers using mathematical morphology and a watershed transform. A feature extraction step is carried out in two parts: 24 features that pathologists take into account to diagnose the diseases and 58 structural features that the human eye cannot see, based on the assumption that the biopsy is considered as a graph, where the nodes are represented by each fiber, and two nodes are connected if two fibers are adjacent. A feature selection using sequential forward selection and sequential backward selection methods, a classification using a Fuzzy ARTMAP neural network, and a study of grading the severity are performed on these two sets of features. A database consisting of 91 images was used: 71 images for the training step and 20 as the test. A classification error of 0% was obtained. It is concluded that the addition of features undetectable by the human visual inspection improves the categorization of atrophic patterns.

  3. Avaliação da influência do treinamento resistido de força em idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro de Paula Leite Aguiar

    2015-02-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi avaliar as modificações morfofuncionais perante a aplicação de sobrecargas sobre o organismo, através do emprego de um programa de treinamento resistido direcionado a idosos, e a influência deste sobre suas vidas. Através dos achados analisados, podemos inferir que a proposta metodológica usada proporcionou uma melhora na força no teste de esforço em uma repetição máxima (1RM no exercício supino reto, no teste de agachamento com o peso corporal executado durante 1 minuto, ocorrendo também alterações morfológicas expressivas.  

  4. Treinamento de força para pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica

    OpenAIRE

    Silva,Evelise Guimarães da; Dourado,Victor Zuniga

    2008-01-01

    Pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica apresentam comumente fraqueza muscular periférica associada à intolerância ao exercício. Embora efetivo, o exercício aeróbio apresenta pouco ou nenhum efeito na fraqueza e atrofia muscular, além de não ser tolerado pela maioria dos pacientes com DPOC. Nesse sentido, o treinamento de força é opção racional para aumentar a força muscular, além de já ter se mostrado mais tolerável que o exercício aeróbio. O aumento de força muscular periférica é o...

  5. TREINAMENTO COMO FATOR DE MUDANÇA DE ATITUDE DOS PROFISSIONAIS DE UMA OPERADORA PORTUÁRIA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rita de Cássia Zaher Rosa Paul

    2015-01-01

    Full Text Available Este trabalho foi desenvolvido em uma operadora portuária que acabava de entrar em processo de privatização e precisava modernizar-se. Em contrapartida, os profissionais não estavam tão dispostos e nem mesmo preparados para enfrentar tantas mudanças, até mesmo por serem trabalhadores portuários com perfil diferenciado. O estudo de caso retrata a ação desenvolvida em uma operadora portuária no Porto de Santos, que envolve o treinamento intensivo para obter a mudança de comportamento necessária e se tornar competitiva, aproveitando seus talentos internos, investindo na melhoria dos aspectos motivacionais e no relacionamento entre as pessoas.

  6. Treinamento aeróbico em sobrevivente de câncer de mama: relato de caso = Aerobic training in breast cancer survivor: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Reis, Andréa Dias

    2016-01-01

    Full Text Available Objetivos: Relatar a evolução de uma paciente sobrevivente de neoplasia da mama após ter sido submetida a treinamento aeróbico durante oito semanas. Descrição do Caso: Uma paciente com 47 anos, tendo sido submetida à mastectomia por neoplasia da mama há cerca de cinco anos, seguida por radioterapia e quimioterapia, realizou treinamento aeróbico em cicloergômetro e esteira ergométrica durante oito semanas, com duas sessões semanais e aumento gradativo do volume de treino. Avaliações da capacidade cardiorrespiratória, da força estática, mobilidade superior, nível de atividade física e composição corporal foram realizadas antes e após o protocolo de treinamento. A paciente demonstrou melhora na fração de ejeção do ventrículo esquerdo, diminuição da frequência cardíaca de repouso e de esforço e aumento da amplitude de movimento do ombro e no nível de atividade física. Foi detectada também diminuição da gordura corporal visceral. Não houve aumento da força muscular nem da capacidade máxima de oxigênio. Conclusões: Este relato demonstra que no caso dessa paciente, submetida a tratamento cirúrgico, radioterápico e quimioterápico para câncer de mama, foram constatados benefícios na capacidade cardiorrespiratória, na mobilidade dos membros superiores, no nível de atividade física e na composição corporal, após treinamento aeróbico durante duas sessões semanais por oito semanas

  7. Aspectos relacionados com a otimização do treinamento aeróbio para o alto rendimento Related aspects of aerobic training optimization for high performance

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariana Fernandes Mendes de Oliveira

    2010-02-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi apresentar recomendações visando à otimização do treinamento aeróbio, a partir do conhecimento dos índices de aptidão funcional e seus mecanismos fisiológicos. Em atletas altamente treinados, a precisão na elaboração do treinamento pode ser o meio mais seguro para a melhora do rendimento, pois nesses indivíduos é comum a carga de treinamento oscilar entre o estimulo insuficiente e o aparecimento do excesso de treinamento. Existe, portanto, uma variedade muito grande de fatores que devem ser considerados na elaboração de um programa de treinamento. O entendimento dos mecanismos de fadiga e das respostas fisiológicas associadas às diferentes durações e intensidades de exercício é essencial para uma correta elaboração das sessões de treinamento. Além disso, treinos intervalados de alta intensidade são imprescindíveis para melhora de rendimento em atletas altamente treinados, porém, é recomendado que ele seja realizado após um razoável período de recuperação das sessões de treino anteriores. Assim, o contato entre o atleta e o treinador é importante para um planejamento cuidadoso dos períodos de recuperação antes da ocorrência de fadiga excessiva. O treinador deveria arquivar um histórico das cargas de treino e recuperações, aprendendo com a própria experiência os tipos de cargas que podem ser toleradas individualmente. Entre os fatores que podem afetar o rendimento aeróbio, o planejamento de um aquecimento apropriado e as condições ambientais adversas são aspectos muito importantes. Após reunir todas essas informações, é possível elaborar as bases do treinamento (frequência, volume, intensidade e recuperação visando melhora contínua do rendimento aeróbio.The objective of this work was to present recommendations aiming the aerobic training optimization, from the knowledge of the indexes of functional fitness and their physiological mechanisms. Concerning highly

  8. Treinamento aeróbio não altera pressão arterial de mulheres menopausadas e com síndrome metabólica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aluísio Henrique Rodrigues de Andrade Lima

    2012-11-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A Hipertensão arterial (HA é uma condição tanto agravante quanto agravada pela Síndrome Metabólica (SM. A menopausa pode tornar o tratamento da hipertensão mais difícil porque é uma condição que favorece a piora nos componentes da SM. Embora existam evidências de que o treinamento com exercícios físicos reduza a pressão arterial, se as condições da menopausa e da SM afetam os benefícios induzidos pelo exercício é algo ainda não evidenciado. OBJETIVO: Comparar os efeitos do treinamento aeróbio na pressão arterial entre mulheres com SM não menopausadas e menopausadas. MÉTODOS: Foram recrutadas 44 mulheres divididas em quatro grupos experimentais: controle não menopausada (CNM: 39,5 ± 1,1 anos, n = 11; controle menopausada (CM: 54,9 ± 1,7 anos, n = 12; aeróbio não menopausada (ANM: 43,1 ± 2,1 anos, n = 11 e aeróbio menopausada (AM: 52,1 ± 1,6 anos, n = 10. Os grupos de exercício realizaram treinamento aeróbio durante três meses, cinco vezes por semana, com intensidade entre 60% e 70% da frequência cardíaca de reserva. A pressão arterial de repouso e a resposta pressórica clínica após 60 minutos de exercício foram medidas antes e após o período treinamento. O teste de ANOVA de dois fatores foi usado, considerando p 0,05. CONCLUSÃO: Três meses de treinamento aeróbio melhora componentes da SM, mas não altera a pressão arterial de repouso, nem a resposta pressórica aguda após uma sessão de exercício aeróbio em mulheres com SM.

  9. Efeitos do treinamento físico com o uso da Thera-band® sobre variáveis físicas e antropométricas de bailarinas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniele Borba de Assunção Santiago

    2015-09-01

    Full Text Available O ballet é uma modalidade que requer grande aptidão física dos praticantes; assim, o desenvolvimento de capacidades físicas específicas para a prática de ballet se torna de grande importância na execução e performance desta modalidade de dança. Existem várias formas de desenvolver e treinar tais capacidades físicas e dentre os métodos mais novos está o uso de Thera-Band®. Entretanto, ainda existem poucos estudos que abordem esta metodologia de trabalho. Objetivo: avaliar os efeitos do treinamento físico com Thera-Band® sobre variáveis físicas e antropométricas de bailarinas, como flexibilidade, resistência e potência muscular de membros superiores e inferiores, composição corporal e Índice de Massa Corporal. Método: participaram do estudo 9 bailarinas divididas em 2 grupos: Grupo Controle (GC n=4 e Grupo Experimental (GT n=5, o qual realizou o treinamento. Os procedimentos de coleta de dados incluíram avaliações das capacidades físicas e antropométricas estudadas (pré-teste, treinamento de 12 semanas e reavaliação destas mesmas capacidades (pós-testes. As capacidades físicas e antropométricas avaliadas foram escolhidas de forma a englobar aquelas mais trabalhadas em aulas de ballet. Resultados: o treinamento promoveu melhora da resistência de membros superiores (GC=12,25±3,86 repetições e GT=21,4±4,82 repetições e da flexibilidade (GC=35,85±3,39cm e GT=40,28±2,22cm. Não houve diferença intergrupo ou intragrupo nas demais variáveis. Considerações finais: o treinamento com Thera-Band® pode ser uma ferramenta importante no treinamento de bailarinas e eficiente para aumentar a flexibilidade corporal e a resistência dos membros superiores em bailarinas adultas. Vale destacar que um treinamento de maior tempo com a Thera-Band® talvez pudesse produzir resultados também nas variáveis da composição corporal.

  10. Perda de peso e consumo de bebidas durante sessões de treinamento de ballet clássico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudia Villela da Silva

    2011-06-01

    Full Text Available O objetivo do estudo foi analisar a perda de peso (PP e o consumo de líquidos durante sessões de treinamento de ballet clássico. A amostra foi composta por vinte e uma bailarinas, que foram avaliadas em três sessões de ballet: uma sessão sem oferta de líquidos, uma sessão com oferta de água e outra com oferta de bebida esportiva. Na sessão em que as bailarinas receberam água, a mediana de consumo foi 376,19 mL e a mediana de PP foi -190g. Na sessão com bebida esportiva, a mediana do consumo foi de 226,19 mL e a mediana da PP foi -150g. Observou-se diferença na ingestão de líquidos, mas não na PP, durante as sessões com consumo de líquidos (p=0,01 e p=0,79, respectivamente. As bailarinas, voluntariamente, beberam mais água do que bebida esportiva durante os treinos de ballet clássico.

  11. Efeitos da suplementação oral de L-carnitina associada ao treinamento físico na tolerância ao exercício de pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica Influence of oral L-carnitine supplementation combined with physical training on exercise tolerance in patients with chronic obstructive pulmonary disease

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Audrey Borghi Silva

    2003-12-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Pacientes portadores de doença pulmonar obstrutiva crônica apresentam redução da tolerância ao exercício físico, principalmente devido à limitação ventilatória. A L-carnitina tem sido utilizada com o objetivo de melhorar a capacidade aeróbia de pacientes com doenças crônicas, porém não existem estudos em pacientes portadores de doença pulmonar obstrutiva crônica. OBJETIVO: Avaliar a influência da suplementação de L-carnitina, associada ao treinamento físico por seis semanas, três vezes por semana em pacientes portadores de doença pulmonar obstrutiva crônica. MÉTODO: A amostra foi constituída de 30 pacientes portadores de doença pulmonar obstrutiva crônica (69 ± 7 anos com volume expiratório forçado no primeiro segundo BACKGROUND: Patients with chronic obstructive pulmonary disease usually present intolerance to physical exertion due to ventilatory limitation. L-carnitine has been used to enhance aerobic capacity in patients with chronic diseases, but no study seems to be available for this patient population. OBJECTIVE: To evaluate the influence of L-carnitine supplementation (2 g/day in chronic obstructive pulmonary disease patients undergoing physical training three times a week for six weeks. METHOD: Patients (mean age 69 ± 7 years, n = 30 with stable chronic obstructive pulmonary disease and < 65% of predicted forced expiratory volume in 1 second (FEV1 were separated into three groups of 10 patients each. Group 1 (G1, n = 10 received physical training and L-carnitine (2 g/day, group 2 (G2, n = 10 received physical training and placebo, and group 3 (G3, n = 10 received only L-carnitine (2 g/day. Spirometry and a 6-minute walking distance test were performed before and after intervention. Plasma levels of free carnitine were measured at the beginning and end of the study. RESULTS: A significant increase in walking distance was found only in G1 and G2 (421 ± 100 to 508 ± 80.7 and 496 ± 78.7 to

  12. Valores, suporte psicossocial e impacto do treinamento no trabalho Values, psychosocial support and training impact at work

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Júlia Pantoja

    2005-08-01

    Full Text Available O presente trabalho teve como objetivo investigar valores individuais e percepções de suporte organizacional à transferência de treinamento como preditores do impacto do treinamento no trabalho. A amostra consistiu de 79 profissionais, de nível superior, de uma instituição hospitalar na área de reabilitação do aparelho locomotor e de 85 profissionais de uma autarquia federal ligada ao sistema financeiro nacional. Os pesquisados haviam concluído os cursos de capacitação que foram objeto de avaliação neste estudo, há aproximadamente três meses. Responderam, no local de trabalho, questionários que continham escalas previamente validadas. Foram realizadas análises de regressão múltipla hierárquica. Os resultados apontaram suporte psicossocial e o tipo motivacional conservadorismo/coletivismo como importantes preditores do impacto do treinamento no trabalho (R² = 0,35; p The purpose of this work was to investigate individual values and perceptions of the organizational support to training's transfer as predictors of the impact in work training. Seventy nine university graduated degree professionals, working at a hospital specialized in orthopedics' rehabilitation plus eighty five professionals, working for an state government institution, connected to the national financial system, constituted the sample of this research. All of them had finished the training event which was evaluated in this paper approximately three months ago. While at work they responded to the questionnaire, which had scales previously validated. Multiple regression hierarchical analyses were made. The data shows psychosocial support and the motivational type conservationismcollectivism as an important predictor of the impact of the training at work (R² = 0.35; p < 0.001. It also suggests that people who value conservationism, i.e., that look for respect, compromise, safety, harmony and welcoming of culture habits and ideas got more from the impact of the

  13. Treinamento muscular respiratório em pacientes em desmame da ventilação mecânica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda dos Santos Pascotini

    2014-04-01

    Full Text Available Introdução: A fraqueza da musculatura respiratória é uma das principais causas da dificuldade e/ou insucesso no desmame. Para minimizar os efeitos da ventilação mecânica (VM prolongada, os fisioterapeutas utilizam o treinamento muscular respiratório, sendo o Threshold IMT® o método mais utilizado. Objetivo: Avaliar a eficácia do treinamento muscular respiratório com o uso do aparelho Threshold IMT®, sobre parâmetros respiratórios de pacientes em desmame da VM. Métodos: Os pacientes foram distribuídos aleatoriamente em grupo controle e grupo experimental (GI e GII. Foram avaliados no primeiro dia do início do desmame quanto à força muscular respiratória: Pressão inspiratória máxima/Pressão Expiratória Máxima (PImáx/PEmáx, volume corrente (VC, frequência respiratória (FR e cardíaca (FC. Diariamente, durante sete dias, o GI recebeu três sessões de fisioterapia convencional e o GII realizou, adicionalmente, treinamento muscular respiratório (TMR com o Threshold IMT®, uma vez ao dia, no período da tarde, conectado à traqueostomia, sendo três séries de dez repetições com carga de 20% da PImáx. Os dados foram tratados estatisticamente, adotando-se o nível de significância α=0,05. Resultados: Observou-se aumento (p=0,02 na FR e redução da PImáx (p=0,04 no GI, demonstrando aumento do trabalho respiratório e perda de força muscular entre o primeiro e sétimo dia de desmame. No GII, as variáveis não sofreram alterações significativas, observando-se a manutenção da função respiratória. Conclusão: Sendo assim, o TMR foi benéfico, garantindo a manutenção dos parâmetros respiratórios, podendo ser um aliado para o desmame.

  14. Substitution of amalgam restorations: participative training to standardize criteria Substituição de restaurações de amálgama: um treinamento participativo para padronização de critérios

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elaine Toledo Pitanga Fernandes

    2004-09-01

    Full Text Available Considering that the variations on clinical judgment with respect to replacement of restorations are a problem which affects dentistry, the aim of this study was to elaborate, implement and evaluate a programme of participative training to standardize criteria for the evaluation of amalgam restorations. Five professors of Integrated Clinic of the School of Dentistry of the University of Vale do Rio Doce (UNIVALE, Brazil, visually and radiographically evaluated 28 extracted permanent teeth presenting amalgam restorations. The research was developed in four distinct phases: first - the teeth were evaluated according to individual criteria to determine whether restorations should be replaced or not; second - the examiners participated in a training programme with the objective of standardizing the evaluation criteria; third - soon after the training, the teeth were re-evaluated using the adopted standardized criteria; fourth - five months after the training, the procedures on third phase were repeated. For each restoration the examiners registered the main reason for considering the restoration: satisfactory, requiring total substitution, requiring partial substitution or requiring finishing/polishing. After participating in the training programme the examiners presented a statistically significant reduction (sign test: Z = 0.4989, p = 0.0022 in indicating the need to substitute restorations, result which was maintained five months after training. This programme of participative training can be organized and implemented to standardize the criteria to evaluate amalgam restorations achieving satisfactory results with an impact on clinical practice.Considerando que variação no julgamento clínico de substituição das restaurações é um problema que afeta a maioria dos profissionais, objetivou-se neste trabalho elaborar, implementar e avaliar um programa de treinamento participativo para padronização de critérios na avaliação de restaura

  15. Muscle ultrasound in neuromuscular disorders.

    NARCIS (Netherlands)

    Pillen, S.; Arts, I.M.P.; Zwarts, M.J.

    2008-01-01

    Muscle ultrasound is a useful tool in the diagnosis of neuromuscular disorders, as these disorders result in muscle atrophy and intramuscular fibrosis and fatty infiltration, which can be visualized with ultrasound. Several prospective studies have reported high sensitivities and specificities in

  16. Palliative care in neuromuscular diseases

    NARCIS (Netherlands)

    de Visser, Marianne; Oliver, David J.

    2017-01-01

    Purpose of review Palliative care is an approach that improves the quality of life of patients and their families facing the problem associated with life-threatening illness. Neuromuscular disorders (NMDs) are characterized by progressive muscle weakness, leading to pronounced and incapacitating

  17. Vocational perspectives and neuromuscular disorders

    NARCIS (Netherlands)

    Andries, F; Wevers, CWJ; Wintzen, AR; Busch, HFM; Howeler, CJ; deJager, AEJ; Padberg, GW; deVisser, M; Wokke, JHJ

    The present study analyses the actual occupational situation, vocational handicaps and past labour career of a group of about 1000 Dutch patients suffering from a neuromuscular disorder (NMD). On the basis of the likelihood of a substantial employment history and sufficient numbers of patients, four

  18. Vocational perspectives and neuromuscular disorders

    NARCIS (Netherlands)

    Andries, F.; Wevers, C. W.; Wintzen, A. R.; Busch, H. F.; Höweler, C. J.; de Jager, A. E.; Padberg, G. W.; de Visser, M.; Wokke, J. H.

    1997-01-01

    The present study analyses the actual occupational situation, vocational handicaps and past labour career of a group of about 1000 Dutch patients suffering from a neuromuscular disorder (NMD). On the basis of the likelihood of a substantial employment history and sufficient numbers of patients, four

  19. Auto e hetero-avaliação no diagnóstico de necessidades de treinamento Self and hetero assessment in training needs diagnostic

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mônica Lemes Magalhães

    2001-06-01

    Full Text Available O presente estudo teve como objetivos: desenvolver uma metodologia de avaliação de necessidades de treinamento que incluísse atitudes; estudar a relação entre auto e hetero-avaliação, buscando avaliar conhecimentos, habilidades e atitudes; e avaliar a relação entre a auto-avaliação e algumas variáveis preditoras (tempo de trabalho na organização e na função, emprego anterior, gênero, estado civil, escolaridade e idade. Foram desenvolvidos questionários, de acordo com o método de análise de papel ocupacional. Esses questionários foram aplicados em 898 bancários e seus supervisores imediatos. Os resultados sugeriram que a metodologia parece ser adequada para analisar necessidades de treinamento. Mostraram também que existe relação significativa entre auto e hetero-avaliação de necessidades de treinamento, embora supervisores tendam a apontar maiores necessidades de treinamento, em seus subordinados, do que as auto-avaliações destes mesmos.The objectives of the present study were: to develop a training needs assessment methodology that included attitudes; to study the relationship between self and hetero assessment, by assessing knowledge, skills and attitudes; and to evaluate the relationship between self-assessment and some predicting variables (work experience at the organizational and occupational levels, prior job experience, gender, marital status, schooling and age. Questionnaires were developed, following the method of occupational role analysis. These questionnaires were applied in 898 bank employees and their immediate supervisors. Results have suggested that the methodology seems to be appropriate for analyzing training needs. They have also shown that there is a significant relationship between self and hetero assessments of training needs. However, supervisors tend to point higher training needs, in their subordinates, than the self-assessments made by the latter.

  20. EFEITO DO TREINAMENTO FÍSICO SOBRE O PROCESSO DE ENVELHECIMENTO E O NÍVEL DE APTIDÃO FÍSICA DE BOMBEIROS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cesar Henrique Dalquano

    2008-05-01

    Full Text Available O presente estudo teve como objetivo verificar a influência do treinamento físico sobre o processo de envelhecimento e o nível de aptidão física de bombeiros durante um período de sete anos. Participaram do estudo homens da faixa etária atual de 33 a 42 anos e o período de acompanhamento foi entre os anos de 1995 e 2002. Na avaliação da capacidade aeróbica foi utilizado o teste de correr/andar de 12 minutos de Cooper e para a mensuração da potência anaeróbica o teste de corrida de 40 segundos de Matsudo. A mensuração do peso e altura foi realizada para a determinação do índice de massa corporal (IMC. Estes testes foram aplicados em 1995, em uma amostra de 40 homens escolhidos de forma aleatória e, reaplicados em 38 dos 40 homens em 2002. Os resultados do teste de 12 minutos (consumo máximo de oxigênio mostraram que o treinamento físico ajuda a manter o nível de aptidão física de acordo com a idade. No teste de 40 segundos, os resultados mostraram uma perda percentual relativamente baixa da potência anaeróbica em relação ao padrão esperado. O IMC praticamente manteve-se no limite do peso normal. De acordo com os resultados da pesquisa, chega-se à conclusão de que o treinamento físico aeróbio (corrida e natação e anaeróbio (treinamento de força e futebol, realizado de 3 a 4 vezes por semana durante 7 anos, ajuda a manter o nível de aptidão física (VO2máx e potência anaeróbia em homens na faixa etária de 26 a 35 anos (idade inicial. Além disso, também se verificou a manutenção do índice de massa corporal dentro do limite normal.

  1. Efeitos crônicos do flexionamento estático sobre parâmetros neuromusculares em adultos jovens

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mario Cezar de Souza Costa Conceição

    2012-06-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: O treinamento engloba, dentre outras qualidades físicas, a flexibilidade e a força. Assim, conhecer as inter-relações mútuas entre essas qualidades físicas potencializaria a eficácia do treino. OBJETIVO: Verificar as alterações nos parâmetros neuromusculares em um programa de flexionamento estático, após 12 semanas de intervenção. MÉTODOS: Participaram 70 cadetes, com idade média de 17,03 ± 1,14 anos, divididos em dois grupos: grupo experimental (GF, n = 35 e grupo controle (GC, n = 35. A força foi avaliada através de 1RM de contração estática nos movimentos de flexão e extensão horizontal de ombro (FFHO/FEHO e extensão da coluna lombar (FECL. A flexibilidade foi avaliada pelo protocolo LABIFIE de goniometria nos movimentos de flexão e extensão horizontal de ombro (FHO/EHO e flexão da coluna lombar (FCL. A concentração de hidroxiprolina na urina coletada pelo método Nordin foi realizada pelo protocolo HPROLI 2h. RESULTADOS: A ANOVA de medidas repetidas demonstrou aumento significativo para FHO (∆% = 3,9%; p = 0,001, EHO (∆% = 21,1%; p = 0,001, FCL (∆% = 73,8%; p = 0,001, FFHO (∆% = 20,4%; p = 0,001 e FECL (∆% = 4,0%; p = 0,008 do pré para o pós-teste. Os níveis de hidroxiprolina não apresentaram alterações significativas. Nas comparações intergrupos, foram encontradas diferenças significativas para FHO (p = 0,016, EHO (p = 0,005, FCL (p = 0,004, FFHO (p = 0,001 e FECL (p = 0,007. O poder do experimento observado foi de 86% para um beta calculado de 0,14. CONCLUSÃO: O flexionamento estático foi capaz de melhorar tanto a flexibilidade como a força.

  2. Redução da pressão arterial, da IMC e da glicose após treinamento aeróbico em idosas com diabete tipo 2

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Zaranza Monteiro

    2010-10-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: O processo de envelhecimento associa-se ao desenvolvimento de várias doenças, que podem ser amenizadas pela prática de atividades físicas. O treinamento aeróbico é um meio efetivo para manter e melhorar as funções cardiovasculares. Além disso, desempenha um papel fundamental na prevenção e tratamento de diversas doenças crônico-degenerativas, em especial o diabete melito. OBJETIVO: Verificar os efeitos de 13 semanas de treinamento aeróbico sobre a pressão arterial, o índice de massa corpórea e a glicemia em idosas com diabete tipo 2. MÉTODOS: Onze mulheres idosas diabéticas (61,0 ± 9,1 anos de idade, sedentárias, realizaram 13 semanas de treinamento aeróbico, compondo o grupo G2. Onze idosas (60,2 ± 6,8 anos de idade controladas não realizaram exercícios físicos durante a pesquisa, constituindo o grupo-controle (G1. O grupo G1 foi submetido somente a orientações educativas uma vez na semana, e o grupo G2, a caminhadas três vezes na semana. RESULTADOS: Houve redução significativa da glicemia e da pressão arterial diastólica nos dois grupos. Não foram encontradas reduções significativas no IMC após o treinamento aeróbico em ambos os grupos. CONCLUSÃO: Treze semanas de treinamento aeróbico foi suficiente para promover reduções significativas na pressão arterial diastólica e glicemia, portanto, esse tipo de exercício reduz os fatores de risco para doenças cardiovasculares e metabólicas.

  3. Será a combinação dos treinamentos intervalado e resistido mais efetiva sobre a aptidão física em adultos? Uma revisão sistemática e metanálise

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco José de Menezes Júnior

    2017-12-01

    Full Text Available O treinamento intervalado (HIIT/SIT combinado com o treinamento de resistência (TR tem se destacado como estratégia para a melhora de indicadores de aptidão física relacionados à saúde (AFRS em adultos. Assim, o objetivo desta metanálise foi comparar a efetividade do treinamento combinado (HIIT/SIT + TR com outros protocolos de exercício sobre os indicadores de AFRS em adultos. Foi realizado a busca sistemática nas bases de dados eletrônicas MEDLINE via PubMed, Cochrane-CENTRAL, SPORTDiscus, LILACS, SCIELO e Scopus, entre janeiro e março de 2017, com a utilização dos seguintes descritores, em inglês e português: physical fitness, hight-intensity interval training, sprint interval training, resistance training e adults. A qualidade dos estudos foi avaliada por meio da escala PEDro. Após a aplicação dos critérios de inclusão e exclusão, nove artigos foram selecionados (n = 231. A extração das médias e desvios padrões dos estudos foi realizada de forma independente por dois autores e utilizou-se o programa RevMan na condução da metanálise. As intervenções com treinamento combinado (HIIT/SIT + TR tiveram duração de 6 a 12 semanas e produziram maiores aumentos de absorção máxima de oxigênio que outras formas de exercício. A combinação do treinamento intervalado e treinamento de força pode ser considerada mais eficaz para a melhora dos níveis de capacidade aeróbica em adultos.

  4. A efetividade do treinamento auditivo formal em idosos usuários de próteses auditivas no período de aclimatização Formal auditory training efficiency in elderly during the acclimatization period

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elisiane de Crestani Miranda

    2007-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a efetividade de um programa de treinamento auditivo formal em idosos usuários de próteses auditivas intraaurais no período de aclimatização. MÉTODOS: A amostra foi composta por 18 idosos (idade média: 71, 38 anos, de ambos os sexos, adaptados há uma semana com próteses auditivas intra-aurais binaurais. Os participantes foram randomizados em dois grupos: Grupo Experimental (submetidos ao treinamento auditivo e Grupo Controle (não submetidos ao treinamento auditivo. O Grupo Experimental participou de sete sessões de treinamento auditivo em cabina acústica, uma sessão por semana, com duração de 50 minutos cada. Os procedimentos de avaliação incluíram testes de reconhecimento de fala e questionário de auto-avaliação do handicap auditivo. Estes foram aplicados em duas oportunidades, antes (1ª avaliação e depois (2ª avaliação do treinamento auditivo no Grupo Experimental e na avaliação inicial e final do estudo no Grupo Controle. RESULTADOS: No Grupo Experimental, o Índice de Reconhecimento de Fala e Fala com Ruído Branco foram significantemente melhores após o treinamento auditivo (2ª avaliação. Já o estudo das relações sinal/ruído no teste de reconhecimento de sentenças no ruído revelou uma tendência (p-valor próximo a 0,05 de melhora na avaliação pós-treinamento. Observou-se nos idosos do Grupo Experimental que os resultados obtidos na 2ª avaliação não foram significantemente melhores aos obtidos no Grupo Controle em todos os testes. CONCLUSÃO: Pode-se concluir que um programa de reabilitação aural, incluindo treinamento auditivo formal beneficia os idosos no período de adaptação das próteses auditivas, bem como modifica o comportamento auditivo destes indivíduos.PURPOSE: To investigate the efficiency of a formal auditory training program in hearing aid wearers during the acclimatization period. METHODS: Eighteen subjects (mean age of 71.38 years old, male and female

  5. Estimulação elétrica neuromuscular e o alongamento passivo manual na recuperação das propriedades mecânicas do músculo gastrocnêmio imobilizado Neuromuscular electric stimulation and manual passive stretching when recovering mechanical properties of immobilized gastrocnemius muscles

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo César Carvalho

    2008-01-01

    Full Text Available Avaliamos a influência da imobilização, remobilização livre, remobilização com alongamento passivo manual, remobilização com estimulação elétrica neuromuscular (NMES e remobilização por NMES e alongamento passivo manual associados sobre algumas propriedades mecânicas do músculo gastrocnêmio de ratas. Foram avaliadas 60 ratas divididas em seis grupos.Um destes grupos foi usado como controle. Todos os outros grupos tiveram o membro posterior direito imobilizado por 14 dias consecutivos. Destes grupos um foi imobilizado e em seguida avaliado, um foi liberado da imobilização e permaneceu nas gaiolas plásticas por 10 dias, outro foi submetido a técnica de alongamento passivo manual por 10 dias consecutivos, outro foi submetido a NMES por 10 dias consecutivos e o último foi submetido a NMES somado ao alongamento passivo manual por 10 dias consecutivos. Observamos que a imobilização reduziu os valores das propriedades mecânicas avaliadas no músculo. A remobilização livre não restabeleceu nenhuma das propriedades avaliadas. A remobilização por alongamento passivo manual devolveu ao músculo as propriedades de alongamento no limite de proporcionalidade, rigidez e resiliência. A remobilização estimulada por NMES restabeleceu todas as propriedades estudadas. A remobilização por NMES somada ao alongamento passivo restabeleceu as propriedades mecânicas de alongamento no limite máximo e de proporcionalidade e rigidez.We evaluated the influence of immobilization, free remobilization, remobilization with manual passive stretching, remobilization with neuromuscular electric stimulation (NMES and remobilization with electric stimulation and associated passive stretching on some mechanical properties of the gastrocnemius muscle of female rats. Sixty female rats were assessed, being distributed into 6 experimental groups. One of these groups served as control. The animals of the five remaining groups had their right posterior

  6. Myths and facts in neuromuscular pharmacology - New developments in reversing neuromuscular blockade

    NARCIS (Netherlands)

    Fink, H.; Hollmann, M. W.

    2012-01-01

    Pharmacologic reversal of neuromuscular blockade is a topic nor very well acknowledged and controversially discussed. Reasons for this are numerous and include missing perception of the potential complications of residual neuromuscular paralysis including an increased morbidity and mortality, as

  7. Neuromuscular disorders and chronic ventilation.

    Science.gov (United States)

    Alexiou, Stamatia; Piccione, Joseph

    2017-08-01

    Morbidity and mortality have decreased in patients with neuromuscular disease due to implementation of therapies to augment cough and improve ventilation. Infants with progressive neuromuscular disease will eventually develop respiratory complications as a result of muscle weakness and their inability to compensate during periods of increased respiratory loads. The finding of nocturnal hypercapnia is often the trigger for initiating non-invasive ventilation and studies have shown that its use not only may improve sleep-disordered breathing, but also that it may have an effect on daytime function, symptoms related to hypercapnia, and partial pressure of CO 2 . It is important to understand the respiratory physiology of this population and to understand the benefits and limitations of assisted ventilation. Copyright © 2017. Published by Elsevier Ltd.

  8. [Respiratory treatments in neuromuscular disease].

    Science.gov (United States)

    Martínez Carrasco, C; Cols Roig, M; Salcedo Posadas, A; Sardon Prado, O; Asensio de la Cruz, O; Torrent Vernetta, A

    2014-10-01

    In a previous article, a review was presented of the respiratory pathophysiology of the patient with neuromuscular disease, as well as their clinical evaluation and the major complications causing pulmonary deterioration. This article presents the respiratory treatments required to preserve lung function in neuromuscular disease as long as possible, as well as in special situations (respiratory infections, spinal curvature surgery, etc.). Special emphasis is made on the use of non-invasive ventilation, which is changing the natural history of many of these diseases. The increase in survival and life expectancy of these children means that they can continue their clinical care in adult units. The transition from pediatric care must be an active, timely and progressive process. It may be slightly stressful for the patient before the adaptation to this new environment, with multidisciplinary care always being maintained. Copyright © 2013 Asociación Española de Pediatría. Published by Elsevier Espana. All rights reserved.

  9. Neuromuscular blockade in the elderly.

    Science.gov (United States)

    Stankiewicz-Rudnicki, Michał

    2016-01-01

    The aim of the presented review is to highlight the clinical problem of postoperative residual curarization (PORC) following general anaesthesia in the elderly. Possible complications of PORC are described along with age-induced changes in pharmacokinetics of long and intermediate-acting neuromuscular blocking agents. This is intended to facilitate the selection and to promote appropriate intraoperative use of muscle relaxants in patients over the age of 65 years.

  10. Dengue-associated neuromuscular complications

    OpenAIRE

    Ravindra Kumar Garg; Hardeep Singh Malhotra; Amita Jain; Kiran Preet Malhotra

    2015-01-01

    Dengue is associated with many neurological dysfunctions. Up to 4% of dengue patients may develop neuromuscular complications. Muscle involvement can manifest with myalgias, myositis, rhabdomyolysis and hypokalemic paralysis. Diffuse myalgia is the most characteristic neurological symptom of dengue fever. Dengue-associated myositis can be of varying severity ranging from self-limiting muscle involvement to severe dengue myositis. Dengue-associated hypokalemic paralysis often has a rapidly evo...

  11. The undesirable effects of neuromuscular blocking drugs

    DEFF Research Database (Denmark)

    Claudius, C; Garvey, L H; Viby-Mogensen, J

    2009-01-01

    Neuromuscular blocking drugs are designed to bind to the nicotinic receptor at the neuromuscular junction. However, they also interact with other acetylcholine receptors in the body. Binding to these receptors causes adverse effects that vary with the specificity for the cholinergic receptor...... in question. Moreover, all neuromuscular blocking drugs may cause hypersensitivity reactions. Often the symptoms are mild and self-limiting but massive histamine release can cause systematic reactions with circulatory and respiratory symptoms and signs. At the end of anaesthesia, no residual effect...... of a neuromuscular blocking drug should be present. However, the huge variability in response to neuromuscular blocking drugs makes it impossible to predict which patient will suffer postoperative residual curarization. This article discusses the undesirable effects of the currently available neuromuscular blocking...

  12. Recent advances in neuromuscular block during anesthesia.

    Science.gov (United States)

    Boon, Martijn; Martini, Christian; Dahan, Albert

    2018-01-01

    Muscle relaxation is a routine part of anesthesia and has important advantages. However, the lingering effects of muscle relaxants in the postoperative period have historically been associated with postoperative adverse events. Neuromuscular reversal, together with neuromuscular monitoring, is a recognized strategy to reduce the rate of postoperative residual relaxation but has only marginally improved outcome in the past few decades. Sugammadex, a novel reversal agent with unique encapsulating properties, has changed the landscape of neuromuscular reversal and opened up new opportunities to improve patient care. By quickly and completely reversing any depth of neuromuscular block, it may reduce the rate of residual relaxation and improve respiratory recovery. In addition, sugammadex has made the use of deep neuromuscular block possible during surgery. Deep neuromuscular block may improve surgical working conditions and allow for a reduction in insufflation pressures during selected laparoscopic procedures. However, whether and how this may impact outcomes is not well established.

  13. Uso de alimento vivo como dieta inicial no treinamento alimentar de juvenis de pirarucu

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cavero Bruno Adan Sagratzki

    2003-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi testar a eficiência do alimento vivo como dieta inicial no treinamento alimentar de juvenis de pirarucu, Arapaima gigas. Foram usados dois tratamentos, Artemia sp. e mistura de zooplâncton nativo. O ganho de peso, a porcentagem de comedores e a sobrevivência não apresentaram diferença estatística significativa entre os tratamentos (p>0,05. A dieta inicial, à base de alimento vivo, é eficiente no treinamento alimentar de juvenis de pirarucu.

  14. Uso de alimento vivo como dieta inicial no treinamento alimentar de juvenis de pirarucu.

    OpenAIRE

    CAVERO, B.A.S.; ITUASSÚ, D.R.; PEREIRA-FILHO, M.; ROUBACH, R.; BORDINHON, A.M.; FONSECA, F.A.L. da; ONO, E.A.

    2003-01-01

    O objetivo deste trabalho foi testar a eficiência do alimento vivo como dieta inicial no treinamento alimentar de juvenis de pirarucu, Arapaima gigas. Foram usados dois tratamentos, Artemia sp. e mistura de zooplâncton nativo. O ganho de peso, a porcentagem de comedores e a sobrevivência não apresentaram diferença estatística significativa entre os tratamentos (p>0,05). A dieta inicial, à base de alimento vivo, é eficiente no treinamento alimentar de juvenis de pirarucu.

  15. A INFLUÊNCIA DO TREINAMENTO RESISTIDO E AERÓBIO EM FORMA DE CIRCUIT TRAINING NO CONTROLE GLICÊMICO DO DIABETES TIPO I: ESTUDO DE CASO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos Tadeu Grzelczak

    2012-01-01

    Full Text Available O diabetes Mellitus é uma doença que pode desencadear uma série de complicações, desde problemas renais, hipertensão até cegueira e amputações. O exercício é normalmente indicado para portadores de diabetes, auxiliando no controle da doença, aumentando a sensibilidade à insulina, estabilizando as taxas de glicose no sangue auxiliando no controle de peso e redução das doses de insulina. Este estudo teve por objetivo analisar a influência do treinamento de musculação ou treinamento resistido,sendo desenvolvido em forma de circuito com treinamento aeróbio durante as seções, no controle da glicemia de um diabético tipo 1 (insulino dependente. A amostra foi composta por um homem de 27 anos portador de Diabetes Mellitus tipo1, insulino dependente a 4 anos. O programa de exercícios teve duração de 90dias e consistiu de um Circuit Training de musculação(contrações dinâmicas em séries únicas de 30 repetições e aeróbio (intensidade60% a 80% da frequência cardíaca máxima, foi aplicada na estatística descritiva.Foi observado diminuição da média glicêmica de 209,3 mg/dl no inicio do treinamentopara 122,4 mg/dl, ao final do estudo, uma diminuição de 41,52 % em relação a média inicial. Observou-se diminuição dos níveis de HbA1c de 7,10% para 5,02%. Neste sentido o treinamento de musculação e aeróbio em Circuit Training demonstrou ser uma opção salutar para o controle glicêmico de portadores de diabetes tipo1.

  16. Treinamento de força no meio aquático em mulheres jovens Aquatic strength training in young women

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andréia Silveira de Souza

    2010-09-01

    Full Text Available O objetivo do presente estudo foi analisar o efeito de um treinamento de força no meio aquático (TFA na força muscular de mulheres jovens saudaveis. O grupo treinamento de força (GTF, n=13 realizou o treinamento por onze semanas enquanto o grupo controle (GC, n=7 não realizou nenhum exercício físico regular durante esse período. O TFA consistiu em duas sessões semanais de 50 minutos, sendo a parte principal da sessão organizada em forma de circuito. A força máxima dinâmica (FM foi mensurada através do teste de uma repetição máxima em sete exercícios de força. Utilizou-se o teste t pareado para a comparação entre as situações pré e pós-treinamento (pThe aim of this study was to analyze the effects of an aquatic strength training (AST upon muscle strength in young and healthy women. The aquatic training group (ATG, n=13 trained during eleven weeks and the control group (CG, n=7 did not practice any exercise throughout this period. The AST was performed twice a week for 50 minutes and the main part was performed in circuit form. The maximum dynamic strength (MS was evaluated by the one repetition maximum test in seven strength exercises. The paired t test was used to compare the situations pre and post training (p<0.05. The AST showed a significant increase (p<0.001 in MS in all exercises and the increases ranged between 12.53 ± 9.28% to 25.90 ± 17.84%. No significant changes were observed in the CG. In general ways, we may recommend aquatic strength training of eleven weeks as an alternative and effective method to increase muscle strength in health and young women.

  17. Correlação entre a suplementação de proteína e carboidrato e variáveis antropométricas e de força em indivíduos submetidos a um programa de treinamento com pesos Correlación entre la suplementación de proteínas e hidratos de carbono con las variables antropométricas y de fuerza en individuos sometidos a un programa de entrenamiento con pesos Correlation between the protein and carbohydrate supplement and anthropometric and strength variables in individuals submitted to a resistance training program

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Veiga de Oliveira

    2006-02-01

    Full Text Available A grande maioria dos indivíduos que aderem a programas regulares de exercícios com pesos têm grande preocupação estética que se resume ao aumento da força e massa musculares à custa do treinamento associado à suplementação. O objetivo deste trabalho foi verificar se a ingestão de uma dieta hiperprotéica (4g.kg¹.d¹, aliada ao treinamento, provoca maior aumento da massa muscular e força quando comparado com o padrão dietético normoprotéico. METODOLOGIA: Dezesseis voluntários foram divididos em dois grupos segundo a suplementação: com proteína (HP, perfazendo 4g.kg-1.d-1, e com carboidrato (NP, na quantidade calórica da suplementação protéica (225g.d¹. Os dois grupos foram submetidos ao treinamento com pesos para os músculos bíceps e tríceps, três vezes por semana durante oito semanas. Foram analisados a força, massa muscular, área de secção transversa muscular, cortisol e insulina. RESULTADOS: O grupo HP apresentou maior consumo de proteína e o grupo NP, de carboidrato. Os grupos também apresentaram diferença nos valores de cortisol. O grupo NP apresentou correlação positiva entre o maior aumento na ingestão de carboidrato (% e o aumento da área M, e também entre a força para o exercício tríceps francês (TFR2 e o aumento da massa muscular e a maior ingestão de carboidrato. CONCLUSÃO: Sugere-se que a correlação entre a ingestão de carboidrato e o aumento da área muscular e da força para o exercício tríceps francês pelo grupo NP esteja relacionada à situação metabólica favorável para síntese protéica.La gran mayoría de los individuos que se adhieren a los programas regulares de ejercicios con pesos tienen gran preocupación estética que se resume al aumento de la fuerza y masa muscular con empleo del entrenamiento asociado a la suplementación. El objetivo de este trabajo era verificar la ingestión de una dieta hiperprotéica (4g.kg-1.d-1, unido al entrenamiento que provoca un

  18. Treinamento Físico Aeróbico como Tratamento não Farmacológico da Síncope Neurocardiogênica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanessa Cristina Miranda Takahagi

    2014-03-01

    Full Text Available Fundamento: Caracterizada por perda súbita e transitória da consciência e do tônus postural, com recuperação rápida e espontânea, a síncope é causada por uma redução aguda da pressão arterial sistêmica e, por conseguinte, do fluxo sanguíneo cerebral. Os resultados insatisfatórios com o uso de fármacos permitiu que o tratamento não farmacológico da síncope neurocardiogênica fosse contemplado como primeira opção terapêutica. Objetivos: Comparar, em pacientes com síncope neurocardiogênica, o impacto do Treinamento Físico Aeróbico (TFA de moderada intensidade e de uma intervenção controle, na positividade do Teste de Inclinação Passiva (TIP e no tempo de tolerância ortostática. Métodos: Foram estudados 21 pacientes com história de síncope neurocardiogênica recorrente e TIP positivo. Esses foram aleatorizados em: Grupo Treinado (GT, n = 11, e Grupo Controle (GC, n = 10. O GT foi submetido a 12 semanas de TFA supervisionado, em cicloergômetro, e o GC, a um procedimento controle que consistia na realização de 15 minutos de alongamentos e 15 minutos de caminhada leve. Resultados: O GT apresentou efeito positivo ao treinamento físico, com aumento significativo do consumo de oxigênio-pico. Já o GC não apresentou nenhuma mudança estatisticamente significante, antes e após a intervenção. Após o período de intervenção, 72,7% da amostra do GT apresentou resultado negativo ao TIP, não apresentando síncope na reavaliação. Conclusão: O programa de treinamento físico aeróbico supervisionado por 12 semanas foi capaz de reduzir o número de TIP positivos, assim como foi capaz de aumentar o tempo de tolerância na posição ortostática durante o teste após o período de intervenção.

  19. Efeito do treinamento com videogames ativos nas dimensões morfológica e funcional: estudo clínico randomizado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raphael José Perrier-Melo

    2016-10-01

    Full Text Available O objetivo do presente estudo foi analisar o efeito de programas de treinamento com videogames ativos (VGAs estruturados e não estruturados sobre a composição corporal e desempenho nos testes de aptidão física durante seis semanas. Participaram do estudo 20 homens, os quais foram divididos homogeneamente em três grupos: Grupo controle – GC (n=7; 20.6 ± 2.8 anos, Grupo Experimental Estruturado -GET (n=6; 20.2 ± 2.1 anos e Grupo Experimental Não estruturado GEN (n=7; 19,1 ± 1,2 anos. O programa com VGAs foi realizado três sessões por semana (30 minutos cada durante seis semanas. Houve melhoras significativas nos testes de apoio de frente (GET p=0.02, flexibilidade (GEN: p=0.04 e GET: p=0.01 e preensão manual (GEN: p=0.05. E apenas o GEN aumentou significativamente o percentual de gordura (p=0.05 e massa gorda (p=0.01. Conclui-se que após seis semanas de treinamento com VGAs, os dois grupos experimentais apresentaram manutenção na massa magra e aumento no nível de aptidão física.

  20. Desempenho organizacional e suas relações com competências gerenciais, suporte organizacional e treinamento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hugo Pena Brandão

    2012-12-01

    Full Text Available Na pesquisa aqui relatada, objetivou-se verificar a existência de relações preditivas entre as competências expressas por gerentes de agências bancárias, a percepção deles sobre o suporte organizacional, o número de horas dedicadas por eles a treinamentos e o desempenho das agências em que atuam. Valeu-se de questionários estruturados para coleta de dados primários, sendo a amostra constituída por 186 gerentes de agências e 77 superintendentes regionais do Banco do Brasil. Utilizaram-se, também, dados secundários sobre o desempenho das agências em seis dimensões: resultado econômico, estratégia e operações, sociedade, clientes, processos e comportamento organizacional. Foram realizadas análises de regressão padrão para teste do modelo de investigação. As competências relativas à gestão estratégica e à gestão financeira revelaram-se preditoras de diferentes dimensões do desempenho das agências. Outras competências (gestão de processos e gestão socioambiental, o número de horas dedicadas a treinamentos e a percepção dos gestores acerca das práticas de gestão de desempenho da empresa (uma dimensão do suporte organizacional apresentaram efeitos menos abrangentes. Depois de isolados os efeitos de variáveis de controle, as variâncias explicadas pelos referidos preditores situaram-se entre 2,2% e 6,8%. Recaiu sobre o desempenho da agência na perspectiva clientes o menor percentual de explicação e sobre o desempenho nas perspectivas resultado econômico e estratégia e operações a maior variância explicada. Ao final, são discutidas implicações dos resultados e apresentadas recomendações práticas.

  1. Treinamento e desenvolvimento : reflexões sobre suas pesquisas científicas

    OpenAIRE

    Borges-Andrade, Jairo Eduardo; Abbad, Gardênia da Silva

    1996-01-01

    Aborda a necessidade de introduzir novas tecnologias no ambiente de trabalho para desenvolver e qualificar a mão-de-obra disponível. Informa, também, sobre as relações de trabalho entre empregados e empregadores e o crescimento da área de Treinamento e Desenvolvimento (T&O).

  2. Comparação de resposta da pressão intraocular frente a duas diferentes intensidades e volumes do treinamento resistido

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Conte

    2014-01-01

    Full Text Available Objetivo: Verificar a influência de duas diferentes intensidades e volumes de treinamento resistido na pressão intraocular. Método: Dezenove boxeadores (13 homens e 6 mulheres; idade média de 22 ± 3 anos foram randomicamente submetidos a duas diferentes sessões de exercícios resistidos: resistência muscular com 3 séries de 15 repetições máximas e hipertrofia muscular com 4 séries de 8RM. A pressão intraocular foi obtida com Tonometro de Perkins antes, durante e após as sessões de exercício resistido. Os dados foram expressos em média e desvio padrão. Foi realizada análise de variância (ANOVA com medidas repetidas e pós teste de Tukey. Resultados: Foi observada redução da pressão intraocular durante as sessões de treinamento resistido. Contudo, a sessão de exercício para resistência muscular promoveu uma redução significativa da pressão intraocular comparada a de hipertrofia muscular. Ao final da sessão de resistência muscular a pressão intraocular retornou aos valores prévios ao exercício, por outro lado na sessão de hipertrofia muscular a pressão intraocular após o término dos exercícios apresentou-se acima dos valores iniciais. Conclusão: O treinamento resistido pode influenciar os valores da pressão intraocular, especificamente 3 séries de 15 repetições com 60% de 1RM promoveu respostas hipotensivas mais expressivas na pressão intraocular do que 3 séries de 8 repetições com 80% de 1RM. Esses achados podem contribuir para prescrição de exercício resistido para pessoas com fatores de risco para o glaucoma.

  3. BIOLOGY OF SOME NEUROMUSCULAR DISORDERS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gerta Vrbova

    2004-12-01

    Full Text Available In order to understand and possibly interfere/ treat neuromuscular disorders it is important to analyze the biological events that may be causing the disability. We illustrate such attempts on two examples of genetically determined neuromuscular diseases: 1 Duchenne muscular dystrophy (DMD, and 2 Spinal muscular atrophy (SMA.DMD is an x-linked hereditary muscle disease that leads to progressive muscle weakness. The altered gene in DMD affects dystrophin, a muscle membrane associated proteine. Attempts were made to replace the deficient or missing gene/ protein into muscles of Duchenne children. Two main strategies were explored: 1 Myoblast and stem cell transfer and 2 Gene delivery. The possible use of methods other than the introduction of the missing gene for dystrophin into muscle fibres are based on the knowledge about the adaptive potential of muscle to different functional demands and the ability of the muscle to express a new set of genes in response to such stimuli. Stretch or overload is now known to lead to changes of gene expression in normal muscle, and the success of muscle stretch in the management of Duchenne boys is most likely to be due to such adaptive changes. Electrical stimulation of muscles is also a powerful stimulus for inducing the expression of new genes and this method too has produced beneficial effects on the progress of the disease in mice and men.SMA is a heterogeneous group of hereditary neuromuscular disorders where the loss of lower motoneurones leads to progressive weakness and muscle atrophy. The disease subdivides into 3 forms according to the severity of the symptoms and age of onset. All three forms of SMA have been mapped to chromosome 5q11.2-13.2. Clinical features of all these forms of SMA include hypotonia shortly after birth, symmetrical muscle weakness and atrophy, finger tremor, areflexia or hyporeflexia and later contractures. In patients with SMA 1 and 2 the development of all parts of the motor

  4. Kinship and interaction in neuromuscular pharmacology

    NARCIS (Netherlands)

    Schiere, Sjouke

    2006-01-01

    The background of this thesis is presented in the introductory chapters and stafts with a brief history of neuromuscular relaxants. It is followed by a short description of the neuromuscular physiology and pharmacology in chapters 2 and 3, respectively. In chapter 4 the aim of the thesis is

  5. Anaesthesia in children with inherited neuromuscular diseases

    OpenAIRE

    Simić Dušica; Bogićević Dragana; Milojević Irina; Budić Ivana; Marković Marija

    2010-01-01

    Children with inherited neuromuscular diseases often require anaesthesia for diagnostic or therapy procedures. These patients have an increased risk of perioperative complications due to the nature of the disease and medications administered during anaesthesia. Many anaesthetics and muscle relaxants can aggravate the underlying disease and trigger life-threatening reactions (cardiorespiratory complications, malignant hyperthermia). Besides, the neuromuscular disorders are associated wit...

  6. Neuromuscular blockade during laparoscopic ventral herniotomy

    DEFF Research Database (Denmark)

    Medici, Roar; Madsen, Matias V; Asadzadeh, Sami

    2015-01-01

    INTRODUCTION: Laparoscopic herniotomy is the preferred technique for some ventral hernias. Several factors may influence the surgical conditions, one being the depth of neuromuscular blockade (NMB) applied. We hypothesised that deep neuromuscular blockade defined as a post-tetanic count below eight...

  7. Sugammadex Improves Neuromuscular Function in Patients ...

    African Journals Online (AJOL)

    2018-02-23

    Feb 23, 2018 ... with a modified gamma-cyclodextrin structure offers a viable alternative to the traditional decurarization by cholinesterase inhibitors in the context of the use of steroidal neuromuscular blocking agents. Sugammadex shows its effects through encapsulation of the steroidal neuromuscular blockers, its effects ...

  8. Neuromuscular blockade during laparoscopic ventral herniotomy

    DEFF Research Database (Denmark)

    Medici, Roar; Madsen, Matias V; Asadzadeh, Sami

    2015-01-01

    INTRODUCTION: Laparoscopic herniotomy is the preferred technique for some ventral hernias. Several factors may influence the surgical conditions, one being the depth of neuromuscular blockade (NMB) applied. We hypothesised that deep neuromuscular blockade defined as a post-tetanic count below eig...

  9. The impact of noninvasive ventilation during the physical training in patients with moderate-to-severe chronic obstructive pulmonary disease (COPD O impacto da ventilação não-invasiva no treinamento físico em pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica moderada a grave

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andreza Toledo

    2007-01-01

    dispnéia, força muscular respiratória e análise de gases expirados como consumo de oxigênio, produção de dióxido de carbono. RESULTADOS: Em ambos os grupos houve melhora significativa na dispnéia e saturação periférica de oxigênio no mesmo nível de esforço, na distância percorrida no teste cardiopulmonar e na força muscular respiratória (p<0,05. Somente o grupo treinamento físico+B teve melhora significativa de freqüência cardíaca, pressão arterial sistólica e consumo de oxigênio após treinamento (p<0,05. Além disso, significativa redução do lactato sanguíneo foi observada para o mesmo nível de exercício no grupo treinamento físico+B quando comparado com treinamento físico isolado (1,3±0,7 e 2,5±0,9mMol/L, p<0,05, respectivamente. CONCLUSÃO: O treinamento físico associado com BiPAP® aumenta a capacidade muscular oxidativa, e pode ser um recurso coadjuvante da reabilitação física de pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica.

  10. Relações metabólicas em ratos sob o treinamento anaeróbio em escada

    OpenAIRE

    Rodrigues, Marcella Damas; Borin, Sergio Henrique; Silva, Carlos Alberto da

    2017-01-01

    Resumo A proposta deste estudo foi avaliar o comportamento das reservas glicogênicas de músculos do membro anterior e posterior, além de ajustes metabólicos em ratos envelhecidos submetidos a treinamento anaeróbio. Foram usados ratos Wistar com 18 meses divididos em dois grupos experimentais (n = 10), controle (C) e treinamento anaeróbio (Tana). Após o treinamento, os ratos foram anestesiados e amostras de sangue e músculos coletadas e enviadas para avaliação bioquímica. Os dados mostram maio...

  11. Respostas cardiopulmonares agudas de mulheres no treinamento de força

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcio Antônio Gonsalves Sindorf

    2013-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Investigar as respostas cardiopulmonares de uma sessão de treinamento de força em mulheres jovens. MÉTODO: Participaram do estudo 23 mulheres, com idade entre 18 e 29 anos. Todas as voluntárias foram submetidas aos seguintes testes: cardiopulmonar e de uma repetição máxima (1-RM. O protocolo de treinamento de força teve ênfase em hipertrofia muscular, três séries de oito a 12 repetições a 70% de 1-RM, com intervalos de um minuto e 30 segundos entre as séries. Durante a sessão de treinamento foi realizada a medida das variáveis cardiopulmonares por meio de analisador de gases metabólicos e módulo de telemetria. RESULTADOS: Os resultados do consumo de oxigênio da sessão de treinamento foram de 8,43 ± 1,76 ml/kg/min e da frequência cardíaca de 108,08 ± 15,26 bpm. Os resultados do consumo de oxigênio e da frequência cardíaca do treino foram inferiores (p < 0,01 ao do limiar ventilatório e das reservas do consumo de oxigênio e da frequência cardíaca. CONCLUSÃO: Os dados obtidos indicam que o presente protocolo de treinamento de força proporcionou pequena sobrecarga ao sistema cardiorrespiratório de mulheres jovens.

  12. Neuromuscular Monitoring in the Perioperative Period.

    Science.gov (United States)

    Murphy, Glenn S

    2018-02-01

    Neuromuscular monitoring devices were introduced into clinical practice in the 1970s. Qualitative neuromuscular monitors, or peripheral nerve stimulators, provide an electrical stimulus to a motor nerve and the response of corresponding muscle subjectively evaluated. A standard peripheral nerve stimulator provides several patterns of nerve stimulation, including train-of-four (TOF), double-burst, tetanic, and post-tetanic count. Qualitative (and quantitative) monitors are needed to determine onset of neuromuscular blockade, maintain the required depth of muscle relaxation during the surgical procedure, and assess an appropriate dose of reversal agent. However, absence of fade measured with a peripheral nerve stimulator does not exclude residual neuromuscular block; TOF ratios as low as 0.4-0.6 may be present when fade is no longer observed. In addition, the risk of incomplete neuromuscular recovery may be influenced by monitoring site. The adductor pollicis is more sensitive to the effects of neuromuscular blocking agents (compared to the muscles surrounding the eye), and monitoring at this site may more accurately reflect recovery of pharyngeal muscles (the last muscles to recover from the effects of neuromuscular blocking agents, in which dysfunction may persist even at a TOF ratio of 1.0). Quantitative monitors are devices that measure and quantify the degree of muscle weakness and display the results numerically. Several different technologies have been developed, including mechanomyography, electromyography, acceleromyography, kineograph, and phonomyography. Lower doses of anticholinesterases may be used to effectively reverse neuromuscular blockade at TOF ratios of 0.4-0.6; quantitative monitoring is required to determine that this level of neuromuscular recovery has occurred. As clinical tests of muscle strength, peripheral nerve stimulators are unable to determine whether full recovery of neuromuscular function is present at the end of the surgical

  13. Série de treinamento intervalado de alta intensidade como índice de determinação da tolerância à acidose na predição da performance anaeróbia de natação High intensity interval training series as indices of acidosis tolerance determination in swimming anaerobic performance prediction

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael Deminice

    2007-06-01

    Full Text Available O objetivo do presente estudo foi determinar a tolerância à acidose através de uma série de nados intervalados de alta intensidade e relacionar com a velocidade de limiar anaeróbio (VLan, concentração de lactato sanguíneo de pico ([Lac]pico, capacidade de trabalho anaeróbio (CTA, freqüência de braçada (fB, comprimento de braçada (CB e índice de braçada (IB na predição da performance de 100m de natação. Dez nadadores realizaram seis nados máximos de 100m no estilo crawl com intervalo de seis minutos. Amostras de sangue foram coletadas cinco minutos após cada nado para posterior análise de lactacidemia ([Lac]. Através da razão entre [Lac] e os respectivos tempos de execução dos seis nados, determinou-se a tolerância à acidose (TA. O número de braçadas realizadas durante os seis esforços foi anotado para determinação da fB, CB, IB. Um nado máximo de 100m foi utilizado como parâmetro de performance (P100 e amostras de sangue foram coletadas para determinação da concentração de lactato sanguíneo de pico ([Lac]pico. Três esforços progressivos de 400m foram realizados para determinação da VLan correspondente à concentração fixa de 3,5mM de lactato. Esforços máximos de 200 e 400m foram realizados para determinação da CTA por regressão linear (coeficiente linear. Os resultados apresentaram significativas correlações (p The aim of the present study was to determine the acidosis tolerance through one high intensity interval swim serie and to relate with anaerobic threshold speed (ATS, blood lactate peak concentration ([Lac]peak, anaerobic work capacity (AWC, stroke rate (SR, stroke length (SL and stroke index (SI in swimming 100 m performance prediction. Ten swimmers performed six maximal swims along 100 m by crawl style with 6 minutes for a rest. Blood samples were taken 5 minutes before each swim for lactate analyses ([Lac]. Through the division of the [Lac] for the time to complete the 6 swims, was

  14. 21 CFR 882.5860 - Implanted neuromuscular stimulator.

    Science.gov (United States)

    2010-04-01

    ... 21 Food and Drugs 8 2010-04-01 2010-04-01 false Implanted neuromuscular stimulator. 882.5860... neuromuscular stimulator. (a) Identification. An implanted neuromuscular stimulator is a device that provides... Administration on or before July 13, 1999 for any implanted neuromuscular stimulator that was in commercial...

  15. Treinamento de força para pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica Strength training for patients with chronic obstructive pulmonary disease

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Evelise Guimarães da Silva

    2008-06-01

    Full Text Available Pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica apresentam comumente fraqueza muscular periférica associada à intolerância ao exercício. Embora efetivo, o exercício aeróbio apresenta pouco ou nenhum efeito na fraqueza e atrofia muscular, além de não ser tolerado pela maioria dos pacientes com DPOC. Nesse sentido, o treinamento de força é opção racional para aumentar a força muscular, além de já ter se mostrado mais tolerável que o exercício aeróbio. O aumento de força muscular periférica é o benefício mais consistente do treinamento de força e, quando este é associado ao exercício aeróbio, não resulta em melhora adicional da capacidade de exercício, da dispnéia e da qualidade de vida. Contudo, observa-se que o treinamento combinado é fisiologicamente mais completo e pode ser uma opção de condicionamento físico mais diversificado. O treinamento de moderada a alta intensidade resulta em maiores adaptações fisiológicas, entretanto o exercício de baixa intensidade é tolerável, simples, de fácil execução domiciliar, não requer equipamentos sofisticados e resulta em benefícios significativos. Este exercício é indicado, sobretudo, para os pacientes com DPOC mais avançada. Finalmente, há evidências recentes de que o treinamento de força para os músculos do tronco é alternativa válida para melhorar a capacidade funcional de exercício e a função pulmonar em pacientes com DPOC. A presente revisão de literatura sugere a incorporação do treinamento de força como estratégia de rotina nos programas de reabilitação pulmonar. Pesquisas futuras são necessárias para avaliar os efeitos do treinamento de força na saúde mental, no desempenho em atividades de vida diária, na saúde osteoarticular, no risco de quedas e na função pulmonar, entre outros.Patients with chronic obstructive pulmonary disease commonly present peripheral muscular weakness associated with intolerance to exercise. Although

  16. Fatores-chave de sucesso no treinamento corporativo a distância via web Key factors for the success of web-based corporate training

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Antonio Joia

    2007-08-01

    Full Text Available Treinamentos corporativos a distância via web vêm se tornando cada vez mais freqüentes, à medida que as empresas precisam continuamente capacitar seus profissionais a um custo acessível. No entanto, de um modo geral, as organizações não sabem quais são os fatores-chave de sucesso para iniciativas dessa natureza. Assim, este artigo investiga alguns fatores críticos de sucesso associados a esses empreendimentos digitais. Para tal, o método de estudo de casos múltiplos divergentes é utilizado, analisando-se dois treinamentos corporativos na web realizados por uma grande empresa multinacional - um considerado caso de sucesso e outro de fracasso. A partir da comparação dos resultados obtidos, pela análise quantitativa dos dados coletados usando-se regressões bi e multivariadas, assim como testes de comparação de médias, e vis-à-vis o frame teórico adotado para avaliação de treinamentos na web, pode-se concluir que "orientação dos objetivos", "motivação dos alunos" e "suporte metacognitivo" foram os três fatores críticos de sucesso encontrados.Web-based corporate training has become more frequent as companies continuously need to train their employees under budgetary constraints. However, most companies do not know which are the key factors for these endeavors' success. This article investigates some critical success factors associated with these digital enterprises, using the multiple case study method is used, whereby two cases with opposite outcomes - a success and a failure - are analyzed. Comparing these two cases developed within a large multinational company by using quantitative data analysis based on bi and multivariate linear regressions, as well as comparison of averages, and vis-à-vis the theoretical framework adopted to assess web-based trainings, the study concludes that "goal orientation", "student motivation", and "metacognitive support" are three critical factors in corporate web-based training.

  17. Heart rate variability and soccer training: a case study Variabilidade da frequência cardíaca e treinamento de futebol: um estudo de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maurício Gattás Bara-Filho

    2013-03-01

    Full Text Available The aim of this study was to monitor changes in HRV indices of two players of the same soccer team during a training period. Training loads of each session of the 3-week period were monitored by means of the training impulses (TRIMP method. Resting RR intervals at supine position were obtained at five moments over 3-week period. The HRV indices (SD1, SDNN, RMSSD and HF followed similar inter-subject patterns. They had similar values at M1 and, from M2, these variables were greater in athlete 1 than in athlete 2. At M2 and M4, athlete 1 presented a parasympathetic rebound, especially in SD1, SDNN and RMSSD, whereas athlete 2 presented reduction of these indices. We can advance that indices of HRV can be useful to monitor the effects of soccer training/competitive loads on parasympathetic modulation, being sensitive to both individual characteristics and to periods of stress and recovery.O objetivo do presente estudo foi monitorar as mudanças nos índices da VFC em dois jogadores da mesma equipe de futebol durante um período de treinamento. A carga de treinamento de cada sessão foi monitorada durante 3 semanas pelo método TRIMP. Os intervalos RR de repouso na posição supina foram obtidos em cinco diferentes momentos durante três semanas. Os índices da VFC (SD1, SDNN, RMSSD e HF apresentaram padrões semelhantes em M1, mas em M2, estes valores foram maiores no atleta 1 quando comparados ao atleta 2. Em M2 e M4, o atleta 1 apresentou um rebote parassimpático em SD1, SDNN e RMSSD, enquanto o atleta 2 apresentou redução deste índices. Pode-se concluir que os índices da VFC podem ser úteis para monitorar os efeitos do treinamento de futebol na modulação parassimpática, sendo sensíveis a períodos de estresse e recuperação.

  18. AVALIAÇÃO DE MÉTODOS DE CONVERGÊNCIA NO TREINAMENTO DE REDES NEURAIS ARTIFICIAIS APLICADAS À PREDIÇÃO DE ÍNDICE DE IODO, VISCOSIDADE E DENSIDADE EM BIODIESEL

    OpenAIRE

    Viegas, Isabelle Moraes Amorim; Barradas Filho, Alex Oliveira; Marques, Delano Brandes; Labidi, Sofiane; Marques, Aldaléa Lopes Brandes; Marques, Edmar Pereira; Barros Filho, Allan Kardec Duailibe

    2014-01-01

    Algumas propriedades do biodiesel, como índice de iodo, viscosidade e densidade, podem sofrer variações conforme as estruturas moleculares dos seus ésteres constituintes. O objetivo do pre-sente estudo é avaliar e comparar três métodos de convergência no treinamento supervisionado de redes neurais com arquitetura MLP na predição de propriedades de biodiesel. Os métodos aplicados foram os de BFGS, Gradiente Descendente e Gradiente Conjugado. Dados do LAPQAP e da literatura foram padronizados, ...

  19. Neuromuscular NMDA Receptors Modulate Developmental Synapse Elimination.

    Science.gov (United States)

    Personius, Kirkwood E; Slusher, Barbara S; Udin, Susan B

    2016-08-24

    At birth, each mammalian skeletal muscle fiber is innervated by multiple motor neurons, but in a few weeks, all but one of those axons retracts (Redfern, 1970) and differential activity between inputs controls this phenomenon (Personius and Balice-Gordon, 2001; Sanes and Lichtman, 2001; Personius et al., 2007; Favero et al., 2012). Acetylcholine, the primary neuromuscular transmitter, has long been presumed to mediate this activity-dependent process (O'Brien et al., 1978), but glutamatergic transmission also occurs at the neuromuscular junction (Berger et al., 1995; Grozdanovic and Gossrau, 1998; Mays et al., 2009). To test the role of neuromuscular NMDA receptors, we assessed their contribution to muscle calcium fluxes in mice and tested whether they influence removal of excess innervation at the end plate. Developmental synapse pruning was slowed by reduction of NMDA receptor activation or expression and by reduction of glutamate production. Conversely, pruning is accelerated by application of exogenous NMDA. We also found that NMDA induced increased muscle calcium only during the first 2 postnatal weeks. Therefore, neuromuscular NMDA receptors play previously unsuspected roles in neuromuscular activity and synaptic pruning during development. In normal adult muscle, each muscle fiber is innervated by a single axon, but at birth, fibers are multiply innervated. Elimination of excess connections requires neural activity; because the neuromuscular junction (NMJ) is a cholinergic synapse, acetylcholine has been assumed to be the critical mediator of activity. However, glutamate receptors are also expressed at the NMJ. We found that axon removal in mice is slowed by pharmacological and molecular manipulations that decrease signaling through neuromuscular NMDA receptors, whereas application of exogenous NMDA at the NMJ accelerates synapse elimination and increases muscle calcium levels during the first 2 postnatal weeks. Therefore, neuromuscular NMDA receptors play

  20. Neuromuscular complications of diabetes mellitus.

    Science.gov (United States)

    Bril, Vera

    2014-06-01

    Diabetes mellitus has become a modern global epidemic, with steadily increasing prevalence rates related to lifestyle such that 27% of individuals aged 65 years or older have diabetes mellitus, 95% of whom have type 2. This article reviews the effects of diabetes mellitus on the neuromuscular system. Diabetes mellitus leads to diverse forms of peripheral neuropathy as the major neuromuscular complication. Both focal and diffuse types of neuropathy can develop, with the most common form being diabetic sensorimotor polyneuropathy. Small fibers are damaged early in the development of diabetic sensorimotor polyneuropathy and are not assessed by nerve conduction studies. Small fiber damage occurs even in the prediabetes stage. No disease-modifying therapy for diabetic sensorimotor polyneuropathy is available at this time, but this complication can be limited in patients who have type 1 diabetes mellitus with strict glycemic control; the same outcome is not clearly observed in patients who have type 2 diabetes mellitus. Recently, the evidence base for symptomatic treatments of painful diabetic sensorimotor polyneuropathy underwent systematic review. Effective evidence-based treatments include some anticonvulsants (eg, pregabalin, gabapentin), antidepressants (eg, amitriptyline, duloxetine), opioids (eg, morphine sulfate, oxycodone), capsaicin cream, and transcutaneous electrical nerve stimulation. This article reviews the increasing prevalence of diabetes mellitus and diabetic sensorimotor polyneuropathy and discusses recent consensus opinion on the objective confirmation needed for the diagnosis in the clinical research setting. The evidence from clinical trials shows that intensive glycemic control reduces prevalence of diabetic sensorimotor polyneuropathy in patients with type 1 diabetes mellitus, but variable outcomes are observed in patients with type 2 diabetes mellitus. Finally, despite the lack of disease-modifying treatment, effective evidence-based therapy can

  1. FUNCTIONS OF A NEUROMUSCULAR CENTRE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Janez Zidar

    2004-12-01

    Full Text Available Main functions of a neuromuscular (NM centre are making diagnosis, treatment and counselling. Some other functions, e. g. forming a register and epidemiological endeavours, could be added. All these activities are expected to be achieved by multidisciplinary approach with the idea that members use the same guidelines and share the same knowledge.NM diseases affect lower levels of the nervous system that is motor units (motor cells in the brainstem and spinal cord, nerve roots, cranial and peripheral nerves, neuromuscular junction, and muscles. There are many such diseases; a few are more common others are rare.Rational approach in making a diagnosis can be divided into several steps. The process begins with a person with clinical symptoms and signs which raise the suspicion of NM disease. The first step is the description of the predominant pattern of muscular wasting and weakness (e. g. limb-girdle, distal, ocular, facio-scapulo-humeral. Each of these syndromes require a differential diagnosis within the motor unit territory what is achieved by means of EMG and muscle biopsy. The latter is even more important to define the nature of the abnormality. Disease nature can also be determined biochemically and, as NM disorders are commonly genetically determined, at the molecular genetic level. Treatment modalities include drugs (causative and symptomatic and other measures such as promoting and maintaining good general health, preventing skeletal deformities, physiotherapy, orthoses, surgery, and prevention of respiratory and cardiac functions. Counselling is mainly by social workers that focus on the practical aspects of coping with illness and disability and by genetic counsellors who gave advise on family planning.

  2. Comportamento de variáveis fisiológicas em atletas de nado sincronizado durante uma sessão de treinamento na fase de preparação para as Olimpíadas de Atenas 2004 Comportamiento de variábles fisiológicas en atletas de nado sincronizado durante una sesion de entrenamiento en la fase de preparación para las Olimpíadas de Atenas 2004 Behavior of physiological variables in synchronized swimming athletes during a training session preparing for the Athens 2004 Olympic Games

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marina Guimarães Antunes Pazikas

    2005-12-01

    Full Text Available O objetivo do presente estudo foi avaliar o comportamento de variáveis fisiológicas durante uma sessão de treino de nado sincronizado realizada na fase de preparação para as Olimpíadas de Atenas 2004. MATERIAIS E MÉTODOS: A amostra utilizada foi constituída pelo dueto (24 ± 0 anos representante do Brasil em Atenas 2004. A coleta de dados foi realizada durante uma sessão de treinamento com duração de 198 minutos. O treino se iniciou com a parte física, seguida da parte técnica. Para a determinação da glicemia e da concentração de beta-hidroxibutirato foi utilizado o monitor Optium® com suas respectivas tiras. As concentrações de cortisol e das enzimas lactato desidrogenase (LDH e creatina quinase (CK foram determinadas por radioimunoensaio (DPC© e kits comerciais (CELM®, respectivamente. O acompanhamento da freqüência cardíaca (FC foi realizado com o freqüêncimetro Advantage Polar®. RESULTADOS: Foi observada redução (~2% do peso corporal. A glicemia também apresentou queda (~30% em comparação ao valor obtido no início do treino. Em contrapartida, foi observada elevação na concentração de cortisol (salivar 22% e plasmática 29% e de beta-hidroxibutirato (~340%. Não foi observada alteração significativa na concentração plasmática de CK e de LDH. O acompanhamento da FC demonstrou que dos 198 minutos que constituíram a sessão de treino, 36,5 ± 0,7 minutos foram realizados em intensidade leve; 103,5 ± 0,7 minutos em intensidade moderada, 54,0 ± 2,1 minutos em intensidade alta e 4,0 ± 0,0 minutos em intensidade muito alta. CONCLUSÕES: A perda de peso indica que a reposição hídrica não foi adequada. A redução na glicemia e o aumento na concentração de corpos cetônicos e de cortisol reforçam a importância da suplementação de carboidrato durante o treino de longa duração. O comportamento da FC demonstra que a sessão de treinamento foi realizada em uma intensidade moderada, porém com

  3. Deep Neuromuscular Blockade Improves Laparoscopic Surgical Conditions

    DEFF Research Database (Denmark)

    Rosenberg, Jacob; Herring, W Joseph; Blobner, Manfred

    2017-01-01

    INTRODUCTION: Sustained deep neuromuscular blockade (NMB) during laparoscopic surgery may facilitate optimal surgical conditions. This exploratory study assessed whether deep NMB improves surgical conditions and, in doing so, allows use of lower insufflation pressures during laparoscopic cholecys...

  4. Neuromuscular complications of immune checkpoint inhibitor therapy.

    Science.gov (United States)

    Kolb, Noah A; Trevino, Christopher R; Waheed, Waqar; Sobhani, Fatemeh; Landry, Kara K; Thomas, Alissa A; Hehir, Mike

    2018-01-17

    Immune checkpoint inhibitor (ICPI) therapy unleashes the body's natural immune system to fight cancer. ICPIs improve overall cancer survival, however, the unbridling of the immune system may induce a variety of immune-related adverse events. Neuromuscular immune complications are rare but they can be severe. Myasthenia gravis and inflammatory neuropathy are the most common neuromuscular adverse events but a variety of others including inflammatory myopathy are reported. The pathophysiologic mechanism of these autoimmune disorders may differ from that of non-ICPI-related immune diseases. Accordingly, while the optimal treatment for ICPI-related neuromuscular disorders generally follows a traditional paradigm, there are important novel considerations in selecting appropriate immunosuppressive therapy. This review presents 2 new cases, a summary of neuromuscular ICPI complications, and an approach to the diagnosis and treatment of these disorders. Muscle Nerve, 2018. © 2018 Wiley Periodicals, Inc.

  5. Deep Neuromuscular Blockade Improves Laparoscopic Surgical Conditions

    DEFF Research Database (Denmark)

    Rosenberg, Jacob; Herring, W Joseph; Blobner, Manfred

    2017-01-01

    INTRODUCTION: Sustained deep neuromuscular blockade (NMB) during laparoscopic surgery may facilitate optimal surgical conditions. This exploratory study assessed whether deep NMB improves surgical conditions and, in doing so, allows use of lower insufflation pressures during laparoscopic cholecys......INTRODUCTION: Sustained deep neuromuscular blockade (NMB) during laparoscopic surgery may facilitate optimal surgical conditions. This exploratory study assessed whether deep NMB improves surgical conditions and, in doing so, allows use of lower insufflation pressures during laparoscopic...

  6. Monitoramento da carga interna de um período de treinamento em jogadores de voleibol

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Victor Hugo de FREITAS

    2015-03-01

    Full Text Available O objetivo desse estudo foi monitorar e analisar a dinâmica da carga interna, a partir do método da Percepção Subjetiva de Esforço da sessão (PSE-sessão, durante um período de treinamento no voleibol. Doze jogadores de uma equipe de voleibol (23,5 ± 3,4 anos, 88,2 ± 11,4 kg, 190,4 ± 10,8 cm foram monitorados durante 22 semanas de treinamento divididas em cinco mesociclos. A ANOVA revelou haver diferenças significativas nos valores de carga de treinamento semanal total (CTST, monotonia e "strain" entre os mesociclos (p < 0,05. A CTST do mesociclo 1 foi menor quando comparada aos mesociclos 2, 4 e 5. Os valores de monotonia foram baixos, com valores inferiores a 1,4 ± 0,1 UA. O coeficiente de variação da média da CTST das 22 semanas foi de 16%. O valor médio da média da CTST das 22 semanas foi de 1790,9 UA. O menor valor de média da CTST das 22 semanas foi de 1324,3 UA e o maior valor foi de 2232,7 UA. Desse modo, a carga interna de treinamento apresentou momentos de maior e menor magnitude entre as semanas, e aumentou do primeiro para o segundo mesociclo com manutenção das mesmas nos mesociclos seguintes.

  7. Eccentric Exercise to Enhance Neuromuscular Control.

    Science.gov (United States)

    Lepley, Lindsey K; Lepley, Adam S; Onate, James A; Grooms, Dustin R

    Neuromuscular alterations are a major causal factor of primary and secondary injuries. Though injury prevention programs have experienced some success, rates of injuries have not declined, and after injury, individuals often return to activity with functionality below clinical recommendations. Considering alternative therapies to the conventional concentric exercise approach, such as one that can target neuromuscular injury risk and postinjury alterations, may provide for more effective injury prevention and rehabilitation protocols. Peer-reviewed sources available on the Web of Science and MEDLINE databases from 2000 through 2016 were gathered using searches associated with the keywords eccentric exercise, injury prevention, and neuromuscular control. Eccentric exercise will reduce injury risk by targeting specific neural and morphologic alterations that precipitate neuromuscular dysfunction. Clinical review. Level 4. Neuromuscular control is influenced by alterations in muscle morphology and neural activity. Eccentric exercise beneficially modifies several underlying factors of muscle morphology (fiber typing, cross-sectional area, working range, and pennation angle), and emerging evidence indicates that eccentric exercise is also beneficial to peripheral and central neural activity (alpha motorneuron recruitment/firing, sarcolemma activity, corticospinal excitability, and brain activation). There is mounting evidence that eccentric exercise is not only a therapeutic intervention influencing muscle morphology but also targets unique alterations in neuromuscular control, influencing injury risk.

  8. Efeito do treinamento resistido em paciente com fibromialgia: estudo de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanessa Zadorosnei Rebutini

    2013-06-01

    Full Text Available A fibromialgia (FM é uma doença idiopática de ordem reumatológica e incurável que causa dores crônicas e possui tratamento complexo e multifatorial. O exercício físico pode fazer parte do tratamento por atenuar parte dos sintomas da FM, porém a literatura ainda carece de informações sobre tipo, intensidade, duração e frequência ótimos contra os sintomas da FM. O objetivo do presente estudo foi verificar o efeito de 12 semanas de treinamento resistido em uma paciente com FM que não fazia tratamento farmacológico. Os resultados indicaram que 12 semanas de treinamento resistido foi capaz de reduzir as dores, melhorar a capacidade funcional, o bem-estar geral e a qualidade de vida da paciente. O treinamento resistido pareceu atenuar os efeitos negativos da FM e parece ser uma ferramenta promissora para pacientes com FM que gostem desse tipo de atividade.

  9. Monitoramento da carga interna de treinamento em jogadores de futsal ao longo de uma temporada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bernardo Miloski

    2012-10-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.5007/1980-0037.2012v14n6p671 Existe a necessidade de estudos sobre métodos para controle da carga e descri­ção da periodização em equipes de futsal. O objetivo do estudo foi descrever e analisar a carga interna de treinamento em um macrociclo de futsal utilizando-se o método de Percepção Subjetiva do Esforço da sessão. A amostra foi composta por 13 atletas de Liga Nacional. Calculou-se carga de treinamento semanal total (CTST, monotonia e strain durante 37 semanas. Utilizando Teste t de Student pareado, o período de preparação (PP apresentou CTST, strain e monotonia maiores que o competitivo (PC. Utilizando ANOVA de medi­das repetidas, seguida pelo post-hoc de Bonferroni, observaram-se diferenças significativas para CTST entre mesociclos: 1 > 2, 4, 5, 6, 8, 9; 7 > 4, 5, 8, 9; 2, 3 e 6 > 5, 8, 9; 4 > 5; 8 > 5 (p>0,05. As cargas de treinamento (CT foram mais elevadas no PP com redução no PC. A CT apresenta uma característica ondulatória, adaptando-se ao calendário competitivo.

  10. Do captive-born greater rheas Rhea americana Linnaeus (Rheiformes, Rheidae remember antipredator training? Emas Rhea americana Linnaeus (Rheiformes, Rheidae se lembram do treinamento anti-predação?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristiano S. de Azevedo

    2006-03-01

    ória após 40, 55, 70 e 88 dias. Os testes de memória consistiam em apresentar um modelo de predador para as emas e anotar as respostas comportamentais exibidas. Foram medidas a capacidade de memória das aves, a influência do tamanho do grupo no comportamento das aves e a influência do treinamento anti-predação na estimulação de respostas comportamentais adequadas. Os resultados mostraram que as emas retiveram a capacidade de reconhecimento do predador por quase três meses após o término dos treinamentos, que o tamanho do grupo afeta as respostas das aves (mais comportamentos de defesa quando sozinhas e que o treinamento anti-predação é essencial para estimular uma resposta comportamental adequada, uma vez que o grupo não treinado se comportou tranqüilamente perante o predador. Conclui-se que o treinamento anti-predação é válido para futuros programas de reintrodução de emas, uma vez que a capacidade de memória dessas aves é considerável.

  11. Treinamento aeróbico prévio à compressão nervosa: análise da morfometria muscular de ratos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elisangela Lourdes Artifon

    2013-02-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Ciatalgia origina-se da compressão do nervo isquiático e implica em dor, parestesia, diminuição da força muscular e hipotrofia. O exercício físico é reconhecido na prevenção e reabilitação de lesões, porém quando em sobrecargas pode aumentar o risco de lesões e consequente déficit funcional. OBJETIVO: Avaliar efeitos de treinamento aeróbico prévio a modelo experimental de ciatalgia em relação a parâmetros morfométricos dos músculos sóleos de ratos. MATERIAIS E MÉTODOS: 18 ratos divididos em três grupos: simulacro (mergulho, 30 segundos; exercício regular (natação, dez minutos diários; e treinamento aeróbico progressivo (natação em tempos progressivos de dez a 60 minutos diários. Ao final de seis semanas de exercício, os ratos foram submetidos ao modelo experimental da ciatalgia. No terceiro dia após a lesão, foram eutanasiados e tiveram seus músculos sóleos dissecados, pesados e preparados para análise histológica. Variáveis analisadas: peso muscular, área de secção transversa e diâmetro médio das fibras musculares. RESULTADOS: Observou-se diferença estatisticamente significativa para todos os grupos quando se comparou músculo controle e aquele submetido à lesão isquiática. A análise intergrupos não apresentou diferença estatisticamente significativa para nenhuma das variáveis analisadas. CONCLUSÃO: Tanto o exercício físico regular quanto o treinamento aeróbico não produziram efeitos preventivos ou agravantes às consequências musculares da inatividade funcional após ciatalgia.

  12. Decanoato de nandrolona aumenta a parede ventricular esquerda, mas atenua o aumento da cavidade provocado pelo treinamento de natação em ratos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maísa Carvalho Rezende Soares

    2011-12-01

    Full Text Available Os esteroides anabólicos androgênicos (EAAs são drogas sintetizadas a partir da testosterona. Sua ação anabólica deve-se principalmente ao aumento da síntese e redução na degradação das proteínas musculares. Este trabalho investiga os efeitos do treinamento de natação associado ao tratamento com decanoato de nandrolona sobre a pressão arterial, as dimensões cardíacas e reatividade vascular. Quarenta ratos Wistar machos, com idade de 60 dias, foram divididos em quatro grupos (n = 10: sedentário (SN, sedentário tratado (ST, treinados (TN e treinados tratados (TT. Animais TN e TT realizaram um treinamento de natação durante 12 semanas, enquanto os animais ST e TT receberam decanoato de nandrolona semanalmente (15mg/kg. O coração e os testículos foram removidos e pesados. O diâmetro da cavidade do ventrículo esquerdo (DcVE e a espessura da parede ventricular (EspVE foram medidos com um paquímetro eletrônico. A pressão arterial sistólica (PAS e a pressão arterial diastólica (PAD foram medidas semanalmente; ainda, foi estudada a reatividade vascular das artérias mesentéricas em resposta à noradrenalina. Em nosso trabalho não houve alterações no peso do coração; no entanto, verificamos aumento no DcVE (p < 0,05 em ratos TN, enquanto a EspVE aumentou (p < 0,05 nos ratos ST e TT, ambos em relação ao SN. O peso do testículo diminuiu (p < 0,05 em ST e TT em relação a SN. Tanto a pressão arterial quanto a reatividade vascular não foram alteradas. Concluímos que o treinamento de natação aumentou o diâmetro da cavidade ventricular esquerda, enquanto o tratamento com decanoato de nandrolona aumentou a espessura da parede ventricular esquerda, sugerindo uma hipertrofia concêntrica

  13. Efeito do FIFA11+ e do treinamento convencional de handebol sobre força isocinética e equilíbrio

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vinícius Jardim Oliano

    2017-11-01

    Full Text Available DOI: http://dx.doi.org/10.5007/1980-0037.2017v19n4p406   Considerando que o handebol é um esporte com características de contato físico, saltos e movimentos rápidos, é relevante criar estratégias de prevenção de lesão nessa modalidade. Sabe-se que uma melhor condição proprioceptiva e um equilíbrio muscular estão associados à redução de lesão esportiva. O objetivo desse estudo foi analisar o efeito cumulativo de doze semanas do programa FIFA11+ ao treinamento convencional de handebol, sobre o equilíbrio postural e força isocinética da articulação de joelho, em atletas de handebol feminino. Foram avaliadas 21 atletas (de 11 a 14 anos, divididas em dois grupos, sendo, o grupo intervenção (GI, integrando as atletas que praticaram o FIFA11+ associado ao treino regular do handebol, e o grupo controle (GC, cujas jovens praticaram apenas o treinamento do time. Ambos os grupos foram avaliados pré e pós-intervenção, incluindo a avaliação da força por meio de um dinamômetro isocinético. O equilíbrio postural foi avaliado por meio da posturografia dinâmica computadorizada, com os testes de organização sensorial (TOS, análise dos sistemas sensoriais e teste unilateral. O GI praticou os exercícios do programa FIFA11+, sendo duas vezes por semana, com média de 40 minutos cada sessão, durante 12 semanas. Como resultados, houve melhora do equilíbrio postural no GI, na condição 5 do TOS, e no uso do sistema vestibular, pós-intervenção, o que não ocorreu no GC. Quanto à força isocinética, ambos os grupos obtiveram melhoras. Concluímos que a prática do FIFA11+ associada ao treinamento convencional de handebol apresentou contribuições importantes sobre o equilíbrio postural de jovens atletas.

  14. Improving Neuromuscular Monitoring and Reducing Residual Neuromuscular Blockade With E-Learning

    DEFF Research Database (Denmark)

    Thomsen, Jakob Louis Demant; Mathiesen, Ole; Hägi-Pedersen, Daniel

    2017-01-01

    and an increased risk of respiratory complications. Use of an objective neuromuscular monitoring device may prevent residual block. Despite this, many anesthetists refrain from using the device. Efforts to increase the use of objective monitoring are time consuming and require the presence of expert personnel....... A neuromuscular monitoring e-learning module might support consistent use of neuromuscular monitoring devices. OBJECTIVE: The aim of the study is to assess the effect of a neuromuscular monitoring e-learning module on anesthesia staff's use of objective neuromuscular monitoring and the incidence of residual...... departments in the Zealand Region of Denmark are included, and data from all patients receiving a muscle relaxant are collected from the anesthesia information management system MetaVision. We will assess the effect of the module on all levels of potential effect: staff's knowledge and skills, patient care...

  15. Efeito de oito semanas de treinamento funcional sobre a composição corporal e aptidão física de idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Paulo Farias

    2015-12-01

    Full Text Available Objetivo: avaliar o efeito de oito semanas de treinamento funcional sobre a composição corporal e aptidão física de idosos. Método: a amostra foi composta por 10 idosas (65,33 ± 4,08 anos, fisicamente ativas. O programa de exercícios funcionais foi realizado por um período de oito semanas consecutivas. A intensidade do exercício foi determinada por meio da percepção subjetiva de esforço (PSE de Borg. Os testes utilizados para avaliar a capacidade funcional foram: teste de equilíbrio estático; teste de velocidade de levantar de uma posição sentada; teste de flexão do cotovelo; teste de levantar da cadeira em 30 segundos. A composição corporal foi avaliada através do aparelho de bioimpedância. Resultados: melhoras significativas foram observadas na mobilidade (p=0,018, força de membros superiores (p=0,000 e força de membros inferiores (p=0,000. Com relação a composição corporal, não foram identificadas nenhuma alteração significativa para nenhuma das variáveis analisadas. Conclusão: diante do exposto, conclui-se que oito semanas de treinamento funcional foram eficazes para a melhora da aptidão física de idosos.

  16. Neuromuscular Adaptations to Reduced Use

    Science.gov (United States)

    Ploutz-Snyder, Lori

    2009-01-01

    This viewgraph presentation reviews the studies done to reduce neuromuscular strength loss during unilateral lower limb suspension (ULLS). Since there are animals that undergo fairly long periods of muscular disuse without any or minimal muscular atrophy, there is an answer to that might be applicable to human in situations that require no muscular use to diminish the effects of muscular atrophy. Three sets of ULLS studies were reviewed indicated that muscle strength decreased more than the muscle mass. The study reviewed exercise countermeasures to combat the atrophy, including: ischemia maintained during Compound muscle action potential (CMAP), ischemia and low load exercise, Japanese kaatsu, and the potential for rehabilitation or situations where heavy loading is undesirable. Two forms of countermeasures to unloading have been successful, (1) high-load resistance training has maintained muscle mass and strength, and low load resistance training with blood flow restriction (LL(sub BFR)). The LL(sub BFR) has been shown to increase muscle mass and strength. There has been significant interest in Tourniquet training. An increase in Growth Hormone(GH) has been noted for LL(sub BFR) exercise. An experimental study with 16 subjects 8 of whom performed ULLS, and 8 of whom performed ULLS and LL(sub BFR) exercise three times per week during the ULLS. Charts show the results of the two groups, showing that performing LL(sub BFR) exercise during 30 days of ULLS can maintain muscle size and strength and even improve muscular endurance.

  17. Efeito da suplementação de creatina, associada ou não ao treinamento de força, sobre a peroxidação lipídica em mulheres idosas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Christiano Robles Rodrigues ALVES

    2014-03-01

    Full Text Available O objetivo desse trabalho foi avaliar o efeito da suplementação de creatina associada ou não ao treinamento de força sobre a peroxidação lipídica em mulheres idosas. Foi conduzido um estudo clínico, randomizado, duplo-cego e controlado por placebo, no qual mulheres idosas foram randomizadas para compor quatro grupos: 1 suplementação com placebo (PL; n = 10; 2 suplementação com creatina (CR; n = 10; 3 suplementação com placebo associado ao treinamento de força (PL+TR; n = 6; e 4 suplementação com creatina associado ao treinamento de força (CR+TR; n = 8. Antes (PRE e após 24 semanas (POS de intervenção, foram coletadas amostras de sangue para posterior análise das concentrações plasmáticas de hidroperóxidos lipídicos por espectrofotometria. Nenhuma diferença estatística foi observada na concentração de hidroperóxidos lipídicos entre os grupos (PL: PRE = 48,7 ± 36,9; POS = 29,3 ± 18,8; delta = -13,0 ± 26,8; CR: PRE = 51,0 ± 46,0; POS = 54,2 ± 51,6; delta = -8,6 ± 30,2; PL+TR: PRE = 33,0 ± 11,2; POS = 47,3 ± 31,6; Δ = 14,3 ± 39,2; CR+TR: PRE = 18,5 ± 10,1; POS = 28,1 ± 17,9; delta = 9,7 ± 16,4 pmol.mg-1 de proteína total; p = 0,17. A suplementação de creatina associada ou não ao treinamento de força não afetou a peroxidação lipídica, um importante marcador de estresse oxidativo no plasma, em mulheres idosas.

  18. Impacto da combinação do treinamento aeróbio e resistido de curta duração em membros inferiores sobre a tolerância ao exercício, composição corporal e índice BODE em indivíduos idosos e com DPOC

    OpenAIRE

    Victor Fernando Couto

    2011-01-01

    Introdução: O treinamento físico combinado (TFC) tem se mostrado benéfico na melhora da tolerância ao exercício em indivíduos idosos com e sem DPOC, no entanto são poucas as evidências que mostram o impacto sobre os índices de prognóstico isolado e sobre a redução no índice BODE nos idosos com DPOC. Objetivos: Comparar o impacto da combinação do treinamento aeróbio e resistido de membros inferiores sobre a tolerância ao exercício, composição corporal e força muscular periférica em indivíduos ...

  19. Neuromuscular compensation mechanisms in vocal fold paralysis and paresis.

    Science.gov (United States)

    Dewan, Karuna; Vahabzadeh-Hagh, Andrew; Soofer, Donna; Chhetri, Dinesh K

    2017-07-01

    Vocal fold paresis and paralysis are common conditions. Treatment options include augmentation laryngoplasty and voice therapy. The optimal management for this condition is unclear. The objective of this study was to assess possible neuromuscular compensation mechanisms that could potentially be used in the treatment of vocal fold paresis and paralysis. In vivo canine model. In an in vivo canine model, we examined three conditions: 1) unilateral right recurrent laryngeal nerve (RLN) paresis and paralysis, 2) unilateral superior laryngeal nerve (SLN) paralysis, and 3) unilateral vagal nerve paresis and paralysis. Phonatory acoustics and aerodynamics were measured in each of these conditions. Effective compensation was defined as improved acoustic and aerodynamic profile. The most effective compensation for all conditions was increasing RLN activation and decreasing glottal gap. Increasing RLN activation increased the percentage of possible phonatory conditions that achieved phonation onset. SLN activation generally led to decreased number of total phonation onset conditions within each category. Differential effects of SLN (cricothyroid [CT] muscle) activation were seen. Ipsilateral SLN activation could compensate for RLN paralysis; normal CT compensated well in unilateral SLN paralysis; and in vagal paresis/paralysis, contralateral SLN and RLN displayed antagonistic relationships. Methods to improve glottal closure should be the primary treatment for large glottal gaps. Neuromuscular compensation is possible for paresis. This study provides insights into possible compensatory mechanisms in vocal fold paresis and paralysis. NA Laryngoscope, 127:1633-1638, 2017. © 2017 The American Laryngological, Rhinological and Otological Society, Inc.

  20. Genome Editing of Monogenic Neuromuscular Diseases

    Science.gov (United States)

    Long, Chengzu; Amoasii, Leonela; Bassel-Duby, Rhonda; Olson, Eric N.

    2017-01-01

    IMPORTANCE Muscle weakness, the most common symptom of neuromuscular disease, may result from muscle dysfunction or may be caused indirectly by neuronal and neuromuscular junction abnormalities. To date, more than 780 monogenic neuromuscular diseases, linked to 417 different genes, have been identified in humans. Genome-editing methods, especially the CRISPR (clustered regularly interspaced short palindromic repeats)–Cas9 (CRISPR-associated protein 9) system, hold clinical potential for curing many monogenic disorders, including neuromuscular diseases such as Duchenne muscular dystrophy, spinal muscular atrophy, amyotrophic lateral sclerosis, and myotonic dystrophy type 1. OBJECTIVES To provide an overview of genome-editing approaches; to summarize published reports on the feasibility, efficacy, and safety of current genome-editing methods as they relate to the potential correction of monogenic neuromuscular diseases; and to highlight scientific and clinical opportunities and obstacles toward permanent correction of disease-causing mutations responsible for monogenic neuromuscular diseases by genome editing. EVIDENCE REVIEW PubMed and Google Scholar were searched for articles published from June 30, 1989, through June 9, 2016, using the following keywords: genome editing, CRISPR-Cas9, neuromuscular disease, Duchenne muscular dystrophy, spinal muscular atrophy, amyotrophic lateral sclerosis, andmyotonic dystrophy type 1. The following sources were reviewed: 341 articles describing different approaches to edit mammalian genomes; 330 articles describing CRISPR-Cas9–mediated genome editing in cell culture lines (in vitro) and animal models (in vivo); 16 websites used to generate single-guide RNA; 4 websites for off-target effects; and 382 articles describing viral and nonviral delivery systems. Articles describing neuromuscular diseases, including Duchenne muscular dystrophy, spinal muscular atrophy, amyotrophic lateral sclerosis, and myotonic dystrophy type 1

  1. Treinamento funcional e classificação internacional de funcionalidade: uma aproximação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elenilton Correia de Souza

    2016-09-01

    Full Text Available DOI: http://dx.doi.org/10.5007/1980-0037.2016v18n4p493   A Classificação Internacional de Funcionalidade (CIF foi elaborada pela Organização Mundial de Saúde para unificar a linguagem entre profissionais de saúde dentro de um modelo biopsicossocial. A CIF contém domínios que se assemelham com aspectos conceituais e perspectivas práticas do treinamento funcional (TF. Existe limitação consensual de quais aspectos devem ser considerados sobre o termo “funcionalidade”, além de ser notório a pouca utilização da CIF em programas de atividade física. O objetivo dessa aproximação é defender a aplicação prática da CIF como forma de complementar uma avaliação funcional em métodos do tipo TF. Foram realizadas discussões sobre como o termo “funcionalidade” pode ser melhor compreendido em programas de atividades física, bem como algumas possibilidades de operacionalizar a CIF no TF. A escassez de evidências da utilização da CIF em relação às Ciências do Esporte elucida a necessidade dessa aproximação podendo contribuir na ampliação de informações da saúde funcional dos indivíduos.

  2. Vocational perspectives and neuromuscular disorders.

    Science.gov (United States)

    Andries, F; Wevers, C W; Wintzen, A R; Busch, H F; Höweler, C J; de Jager, A E; Padberg, G W; de Visser, M; Wokke, J H

    1997-09-01

    The present study analyses the actual occupational situation, vocational handicaps and past labour career of a group of about 1000 Dutch patients suffering from a neuromuscular disorder (NMD). On the basis of the likelihood of a substantial employment history and sufficient numbers of patients, four types of NMD were selected: dystrophia myotonica (DM), hereditary motor and sensory neuropathy, (HMSN), spinal muscular atrophy (SMA) and myasthenia gravis (MG). Results show that a labour career is in reach of most NMD patients, even for those with severe limitations. It is concluded that physical limitations seem not to be decisive in that respect. The loss of the quality of communication, the loss of mental abilities and the effect of the diseases on the facial expression, as with some DM patients, are also important for chances on the labour market. Though the labour participation of NMD patients tends to decrease after the age of 34, the availability of work adaptations makes it possible to prolong the labour career. Analysis of the actual work situation of NMD patients shows that both disorder-related limitations and work characteristics play an important role in the amount of physical work problems encountered. It is argued that physical labour has to be regarded as generally unsuitable for NMD patients. This has implications for the sort and level of education to be attained by NMD patients. Career counselling as a focus point for the choice of an educational programme may improve labour market opportunities as well as quality of employment of NMD patients. Allowing for and accepting the possible effects of the disorder in the work situation are considered to be important in respect to labour participation and work satisfaction of workers with NMD. Reducing time pressure demands and increasing the freedom to organize one's work, are measures to be given especial consideration.

  3. Intrauterine neuromuscular blockade in fetus.

    Science.gov (United States)

    Fan, S Z; Huang, F Y; Lin, S Y; Wang, Y P; Hsieh, F J

    1990-03-01

    Antenatal intrauterine fetal therapy has now become the target of numerous invasive diagnostic and therapeutic maneuvers. Fetal motion during intrauterine fetal therapy not only makes these procedures technically more difficult but also increases the likelihood of trauma to the umbilical vessels and the fetus. Combination of high doses of sedatives, tranquilizers, and narcotics rarely results in adequate suppression of fetal movement. Such medication puts the mother at risk of respiratory depression, regurgitation and aspiration. The use of pancuronium or atracurium to temporarily arrest fetal movement in ten fetus is reported. After an initial ultrasound assessment of fetal lie, placental location, and umbilical cord insertion site, the fetal weight was calculated by the ultrasound parameters of biparietal diameter and abdominal circumference. Under ultrasound guidance, we injected pancuronium 0.15 mg/kg or atracurium 1.0 mg/kg using a 23-gauge spinal needle into the fetal gluteal muscle. Short-term paralysis of the fetus was induced in all cases. Fetal movement stopped by sonographic observation within 5.8 +/- 2.3 min in the pancuronium group and 4.7 +/- 1.8 min in the atracurium group. Fetal movements returned both to maternal sensation or ultrasonic observation by 92 +/- 23 min in the first group and 36 +/- 11 min in the second group. No adverse effect of the relaxant has been observed in any of the mothers. There was no evidence of local soft tissue, nerve or muscle damage at the site of injection on initial examination of the neonates after delivery. The use of neuromuscular relaxant in fetus was a safe and useful method.

  4. Protein defects in neuromuscular diseases

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vainzof M.

    2003-01-01

    Full Text Available Muscular dystrophies are a heterogeneous group of genetically determined progressive disorders of the muscle with a primary or predominant involvement of the pelvic or shoulder girdle musculature. The clinical course is highly variable, ranging from severe congenital forms with rapid progression to milder forms with later onset and a slower course. In recent years, several proteins from the sarcolemmal muscle membrane (dystrophin, sarcoglycans, dysferlin, caveolin-3, from the extracellular matrix (alpha2-laminin, collagen VI, from the sarcomere (telethonin, myotilin, titin, nebulin, from the muscle cytosol (calpain 3, TRIM32, from the nucleus (emerin, lamin A/C, survival motor neuron protein, and from the glycosylation pathway (fukutin, fukutin-related protein have been identified. Mutations in their respective genes are responsible for different forms of neuromuscular diseases. Protein analysis using Western blotting or immunohistochemistry with specific antibodies is of the utmost importance for the differential diagnosis and elucidation of the physiopathology of each genetic disorder involved. Recent molecular studies have shown clinical inter- and intra-familial variability in several genetic disorders highlighting the importance of other factors in determining phenotypic expression and the role of possible modifying genes and protein interactions. Developmental studies can help elucidate the mechanism of normal muscle formation and thus muscle regeneration. In the last fifteen years, our research has focused on muscle protein expression, localization and possible interactions in patients affected by different forms of muscular dystrophies. The main objective of this review is to summarize the most recent findings in the field and our own contribution.

  5. 21 CFR 882.5810 - External functional neuromuscular stimulator.

    Science.gov (United States)

    2010-04-01

    ... 21 Food and Drugs 8 2010-04-01 2010-04-01 false External functional neuromuscular stimulator. 882.5810 Section 882.5810 Food and Drugs FOOD AND DRUG ADMINISTRATION, DEPARTMENT OF HEALTH AND HUMAN... External functional neuromuscular stimulator. (a) Identification. An external functional neuromuscular...

  6. Aula mix e treinamento resistido: comparação da influência do treinamento sobre valências físicas - doi: 10.5102/ucs.v12i2.2983

    OpenAIRE

    Giuliano Roberto Silva; Arthur Alves Silva; Marcela Cardoso Costa Oliveira

    2014-01-01

    O estudo objetivou comparar Aula Mix e Treinamento Resistido avaliando quais teriam maior influência no percentual de gordura, flexibilidade e força. Foram elencadas 20 universitárias entre 20 e 30 anos, em dois grupos, n1 = 10 praticantes de Aula Mix (jump, cycle indoor, step e ginástica localizada) e n2 = 10 praticantes de Treinamento Resistido. Os treinos foram realizados durante 8 semanas em 3 sessões de 60 minutos, em dias alternados. Os métodos de avaliação foram: “Sargent Jump”, arreme...

  7. Treinamento resistido controla a pressão arterial de ratos hipertensos induzidos por l-NAME

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ayslan Jorge Santos de Araujo

    2013-04-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A hipertensão arterial é uma síndrome multifatorial, crônica, causada tanto por fatores congênitos ou adquiridos. OBJETIVO: Avaliar os efeitos do treinamento físico resistido (TR sobre pressão arterial, reatividade e morfologia vascular de ratos hipertensos induzidos por L-NAME. MÉTODOS: Ratos Wistar machos (200-250 g foram divididos em 3 grupos: normotenso sedentário (NS, hipertenso sedentário (HS e hipertenso treinado (HT. A hipertensão foi induzida pela administração de L-NAME (40 mg/kg na água de beber por 4 semanas. A pressão arterial foi avaliada antes e após o TR. O TR foi realizado utilizando 50% de 1RM, em 3 séries de 10 repetições, 3 vezes por semana, durante quatro semanas. A reatividade vascular foi mensurada em artéria mesentérica superior por curvas concentração resposta ao nitroprussiato de sódio (NPS e fenilefrina (FEN. Além disso, foram realizadas análises histológicas e estereológicas. RESULTADOS: O TR inibiu o aumento das pressões arteriais média e diastólica. Foi observada uma redução significativa na resposta máxima e na potência da FEN entre os grupos HS e HT. A análise histológica evidenciou aspecto normal para as túnicas íntima, média e adventícia em todos os grupos. Não houve diferença significativa nas áreas do lúmen, da túnica média e total das artérias dos grupos HS e HT em relação ao NS. A razão parede/lúmen arterial do grupo HS apresentou diferença significativa em relação ao NS (p < 0,05, mas esta não foi diferente do HT. CONCLUSÕES: O TR foi capaz de prevenir a elevação da pressão arterial sob as condições deste estudo. Este controle parece envolver a regulação de mecanismo vasoconstritor e a manutenção do diâmetro luminal de ratos hipertensos induzidos por L-NAME.

  8. Research highlights of partial neuromuscular disorders

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cheng ZHANG

    2014-05-01

    Full Text Available In order to understand the latest progression on neuromuscular disorders for clinicians, this review screened and systemized the papers on neuromuscular disorders which were collected by PubMed from January 2013 to February 2014. This review also introduced the clinical diagnosis and treatment hightlights on glycogen storage disease type Ⅱ (GSD Ⅱ, Duchenne muscular dystrophy (DMD, amyotrophic lateral sclerosis (ALS and spinal muscular atrophy (SMA. The important references will be useful for clinicians. doi: 10.3969/j.issn.1672-6731.2014.05.004

  9. Neuromuscular Exercise Post Partial Medial Meniscectomy

    DEFF Research Database (Denmark)

    Hall, Michelle; Hinman, Rana S; Wrigley, Tim V

    2015-01-01

    : An assessor-blinded, randomised controlled trial including people aged 30-50 years with no to mild pain following medial arthroscopic partial meniscectomy was conducted. Participants were randomly allocated to either a 12-week neuromuscular exercise program that targeted neutral lower limb alignment......PURPOSE: To evaluate the effects of a 12-week, home-based, physiotherapist-guided neuromuscular exercise program on the knee adduction moment (an indicator of mediolateral knee load distribution) in people with a medial arthroscopic partial meniscectomy within the past 3-12 months. METHODS...

  10. Computed tomography (CT) in neuromuscular disorders

    International Nuclear Information System (INIS)

    Novak, M.; Ambler, Z.

    1997-01-01

    For 24 patients with confirmed neuromuscular disorders, the clinical picture of the disease was complemented with CT examination. It is concluded, in accordance with the literature, that CT has a supplementary value as regards the extent and degree of disorder of the affected muscle groups. The basic pathological picture includes muscular atrophies, dystrophies, hypertrophies, and their combinations. The CT images are non-specific for the individual neuromuscular disorders and are of minor importance in the diagnostic process. 1 tab., 7 figs., 6 refs

  11. Bandagem ajustável do tronco pulmonar: IX: atividade da G6PD do miocárdio de cabras adultas submetido ao treinamento ventricular

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renato Samy Assad

    2013-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: O aumento da atividade miocárdica da Glicose 6-Fosfato Desidrogenase tem sido demonstrado na insuficiência cardíaca. Este estudo avalia a atividade miocárdica da Glicose 6-Fosfato Desidrogenase no treinamento do ventrículo subpulmonar de cabras adultas. MÉTODOS: Foram utilizadas 18 cabras adultas, divididas em três grupos: convencional (bandagem fixa, sham e intermitente (bandagem ajustável; 12 horas diárias de sobrecarga. A sobrecarga sistólica (70% da pressão sistêmica foi mantida durante quatro semanas. As avaliações hemodinâmica e ecocardiográfica foram realizadas durante todo o estudo. Depois de cumprido o protocolo, os animais foram mortos para avaliação morfológica e da atividade da Glicose 6-Fosfato Desidrogenase dos ventrículos. RESULTADOS: Apesar de haver sobrecarga sistólica proporcionalmente menor no ventrículo subpulmonar do grupo intermitente (P=0,001, ambos os grupos de estudo apresentaram aumento da massa muscular de magnitude similar. Os grupos intermitente e convencional apresentaram aumento da massa de 55,7% e 36,7% (P<0,05, respectivamente, em comparação ao grupo sham. O conteúdo de água do miocárdio não variou entre os grupos estudados (P=0,27. O ecocardiograma demonstrou maior aumento (37,2% na espessura do ventrículo subpulmonar do grupo intermitente, em relação aos grupos sham e convencional (P<0,05. Foi observada maior atividade da Glicose 6-Fosfato Desidrogenase na hipertrofia miocárdica do ventrículo subpulmonar do grupo convencional, comparada aos grupos sham e intermitente (P=0,05. CONCLUSÃO: Ambos os grupos de treinamento ventricular desenvolveram hipertrofia ventricular, a despeito do menor tempo de sobrecarga sistólica no grupo intermitente. A maior atividade de Glicose 6-Fosfato Desidrogenase observada no grupo convencional pode refletir um desequilíbrio redox, com maior produção de fosfato de dinucleotídeo de nicotinamida e adenina e glutationa reduzida, um

  12. Efeitos de diferentes modalidades de treinamento físico e do hábito de caminhar sobre o equilíbrio funcional de idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carla Helrigle

    Full Text Available INTRODUÇÃO: As alterações do equilíbrio corporal estão entre as queixas mais comuns da população idosa e constituem um problema médico de grande relevância. OBJETIVO: Comparar a influência da prática de diferentes modalidades de treinamento físico e do hábito de caminhar sobre o equilíbrio funcional de idosos residentes em Jataí, Goiás. MATERIAIS E MÉTODOS: Fizeram parte desta pesquisa 135 idosos divididos em cinco grupos de acordo com o hábito de caminhar e com a modalidade de treinamento físico praticada: sedentários inativos (n = 39, sedentários ativos (n = 37, hidroginástica (n = 25, musculação (n = 10 e caminhada (n = 24. O equilíbrio funcional foi avaliado a partir do resultado atingido na Escala de Equilíbrio de Berg (EEB. Os dados foram expressos em valores de média e desvio do erro padrão e comparados entre si por meio da Análise de Variância One-Way seguida do teste post-hoc Tukey (p < 0,05, utilizando-se o software SPSS 12.0. RESULTADOS: Os idosos sedentários inativos e ativos atingiram valores de 48,89 ± 0,87 e 52,45 ± 0,47, respectivamente na EEB. Os idosos treinados praticantes de hidroginástica obtiveram escore de 54,04 ± 0,33, os praticantes de musculação 53 ± 0,52 e os praticantes de caminhada de 53,45 ± 0,51. A análise estatística mostrou que tanto os indivíduos sedentários ativos quanto os idosos treinados obtiveram maior valor atingido na EEB em comparação com os sedentários inativos (p < 0,05. Não foram observadas diferenças estatísticas entre os diferentes grupos de idosos treinados e nem destes com o grupo de idosos sedentários ativos. CONCLUSÃO: Tanto o hábito de caminhar quanto a prática regular da caminhada, da musculação e da hidroginástica por mais de seis meses, aumentam o equilíbrio funcional dos idosos.

  13. The tof-guard neuromuscular transmission monitor and its use in horses O monitor da transmissão neuromuscular "tof-guard" e seu uso em eqüinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Noda Bechara

    1999-03-01

    Full Text Available It has been emphasized in the human medical literature, that when using a neuromuscular blocking agent, it is of vital importance the monitoring of the neuromuscular block and that these agents should never be used without it. The purpose of this study was to evaluate the use of the neuromuscular transmission monitor TOF-Guard in horses. Twelve horses were randomly assigned whether to receive pancuronium or atracurium as the neuromuscular blocking agent. All horses were pre-medicated with romifidine, anaesthesia induced with diazepam and ketamine and maintenance with halothane. Abolition of spontaneous ventilation was accomplished by the administration of atracurium or pancuronium. The time from injection of the muscle relaxant agent to the onset of maximum block (T1=0, recovery of T1 to 25% and the recovery of TOF ratio to 0.7 were recorded, as was the time for recovery of T1 from 25 to 75%. It was concluded that it is very important the neuromuscular transmission monitoring during the use of a nondepolarizing neuromuscular blocking agent, since it provides a safer anaesthetic and surgical procedure with the use of adequate dosages and due to the impossibility of a superficialization of the neuromuscular blockade during a surgical procedure. The TOF-Guard showed to be a good option for neuromuscular monitoring in horses.Quando da utilização de bloqueadores neuromusculares, já foi enfatizado na literatura médica humana, que é de vital imporância a monitoração do bloqueio neuromuscular e que estes agentes nunca devem ser utilizados sem a mesma. O objetivo deste estudo foi o de avaliar o uso do monitor da transmissão neuromuscular TOF-Guard em eqüinos. Para tanto, doze eqüinos foram separados aleatoriamente para receberem como bloqueadores neuromusculares o pancurônio ou o atracúrio. Todos os eqüinos foram pré-medicados com romifidina, induzidos com diazepam e quetamina e mantidos com halotano. Foi administrado o atracúrio ou o

  14. Uma nova proposta para o treinamento do arremesso de lance livre no basquetebol

    OpenAIRE

    Cedra, Cristiano

    2007-01-01

    O lance livre é um tipo de arremesso do basquetebol e ocorre como conseqüência a algumas infrações à regra deste jogo. Aproximadamente, 25% dos pontos do jogo de basquetebol vêm do lance livre. No ensino e treinamento do basquetebol é o primeiro tipo de arremesso a ser ensinado servindo de base para os demais. Apesar da sua importância, as médias de acertos nestas situações tem sido inferiores a 70%, apenas alguns jogadores atingem médias superiores. Neste trabalho apresentamos...

  15. Anormalidades neuromuscular no desuso, senilidade e caquexia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Aris Kouyoumdjian

    1993-09-01

    Full Text Available É feita revisão de literatura sobre as principais alterações do sistema neuromuscular no desuso, senilidade e caquexia no ser humano e em modelos animais. A diminuição do diâmetro das fibras musculares após período de inatividade/imobilidade (desuso deve-se à perda de miofibrilas periféricas não ocorrendo formação de core-targetóides ou diminuição da atividade da miofosforilase, próprias da desnervação; mantêm-se a liberação espontânea de acetilcolina e fatores tróficos na junção mio-neural; em geral são afetadas preferencialmente fibras II, que podem assumir forma angular. Existe um processo contínuo intrínseco de envelhecimento de nervos e músculos, com desnervação e reinervação lenta e progressiva; o número de unidades motoras se reduz após 60 anos, sem ocorrência de atividade elétrica desnervatória; a quantidade de acetilcolina liberada nos neurônios terminais e a capacidade máxima de utilização de oxigênio estão diminuídas; a redução da capacidade oxidativa mitocondrial pode explicar o aumento de fibras I, mantendo-se o equilíbrio energético. Após poucas semanas de caquexia as fibras musculares podem ter o diâmetro reduzido em 30%, essa redução ocorre em ordem decrescente nos músculos dos membros inferiores, superiores e tronco; existe atrofia II preferencial com fibras angulares ocasionais, redução de RNA/síntese proteica, mantendo-se DNA normal.

  16. A eficácia do treinamento auditivo formal em adultos com distúrbio do processamento auditivo (central

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Carolina Almendra Cruz

    2013-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: comparar o desempenho de adultos com distúrbio do processamento auditivo em testes comportamentais pré e pós-treinamento auditivo formal, visando verificar a eficácia desse treinamento. MÉTODOS: trata-se de um estudo retrospectivo quantitativo com 18 indivíduos com distúrbio do processamento auditivo comprovado pela avaliação comportamental, idade entre 16 e 38 anos. Todos os indivíduos foram submetidos a um programa de treinamento auditivo formal realizado em oito sessões de 45 minutos cada, duas vezes por semana, cujas sessões foram organizadas em ordem crescente de complexidade visando o treinamento das habilidades auditivas de fechamento auditivo, figura-fundo para frases, palavras, sílabas e sons não verbais e de processamento temporal dos sons (análise da intensidade, duração e frequência dos sons. Foram comparados os resultados dos testes SSW em Português, SSI (MCI e Reconhecimento de Padrão de Duração e de Frequência obtidos no pré e pós - treinamento auditivo, envolvendo as variáveis: orelha e sexo. RESULTADOS: não foram observadas diferenças estatisticamente significantes entre as orelhas. Tanto homens quanto mulheres quando analisados separadamente demonstraram resultados melhores no pós-treinamento. Estas diferenças foram estatisticamente significantes nos testes de padrão de duração e frequência, para homens e mulheres. No SSW melhora no sexo masculino e no SSI R/S -15 no sexo feminino, respectivamente. Além disso, todos os indivíduos relataram melhor desempenho comunicativo e de atenção no pós-treinamento. CONCLUSÃO: o treinamento auditivo formal melhora as habilidades auditivas de figura - fundo para sons verbais e de processamento temporal medidas por testes comportamentais em adultos diagnosticados com distúrbio de processamento auditivo.

  17. O treinamento como contribuição para a consolidação da atividade de vendas

    OpenAIRE

    Maróstica , Eduardo

    2003-01-01

    Este trabalho teve como objetivo realizar uma reflexão conceitual sobre treinamento de vendedores que contempla fundamentos de marketing e princípios de vendas, visando maior efetividade no trabalho desses profissionais. Para isso foi realizada uma ampla revisão bibliográfica em livros e artigos acadêmicos relacionados a vendas, marketing e treinamento, nos acervos da príncipais bibliotecas tradicionais do país e em bases de dados eletrônicas disponíveis, além de jornais e revistas de negócio...

  18. The effect of endurance training on the neovascularization of skeletal musculature Efeito do treinamento de endurance sobre a neovascularização da musculatura esquelética

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Celina Cordeiro de Carvalho

    2006-12-01

    Full Text Available PURPOSE: To quantify the capillaries in the skeletal muscular tissue of mice with induced peripheral arterial insufficiency, after endurance training. METHOD: It was used Wistar mice in 70 days age range, subjected to the total occlusion of right femoral artery. The animals were divided into two groups: sedentary group (SG; n = 05, subjected to activities in the cage; and trained group (TG; n = 05, subjected to an endurance training in cycle ergometer twice a day 17m/min, by 5 minutes, 5 days per week during 10 weeks. The analysis was realized by the histologic observation of the vastus medialis muscle of injured member. RESULTS: The average number of capillaries in the muscular tissue was greater in TG (5,2 ± 0,83 than in SG (1,6 ± 1,14 (p OBJETIVO: Quantificar os capilares no tecido muscular esquelético em ratos com insuficiência arterial periférica induzida, após treinamento de endurance. MÉTODOS: Foram utilizados ratos Wistar, idade de 70 dias, submetidos à oclusão total da artéria femoral direita. Os animais foram divididos em grupo sedentário (GS; n = 05, submetidos a atividades na própria gaiola; e grupo treinado (GT; n = 05, submetidos ao treinamento de endurance em ciclo ergômetro, duas vezes ao dia, 17 m/min, por 5 minutos, 5 dias por semana, durante 10 semanas. A análise foi realizada pela observação histológica do músculo vasto medial do membro afetado. RESULTADOS: O número médio de capilares no tecido muscular foi de 5,2 ± 0,837 (p < 0,05 no GT e de 1,6 ± 1,140 no GS. CONCLUSÃO: Em animais com indução da insuficiência arterial periférica, submetidos ao treinamento de endurance, há um processo de adaptação muscular, observado pelo aumento do número de capilares nos animais submetidos a esse tipo de treinamento.

  19. Efeito do treinamento de força com resistência elástica sobre o desempenho da flexão de quadril em bailarinas clássicas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula ZUCCOLOTTO

    Full Text Available Resumo Para realização e manutenção de movimentos estéticos de grande amplitude articular, um bailarino necessita desenvolver além de flexibilidade, força muscular. Trabalhos científicos sobre o “ballet” apontam para uma lacuna com relação ao efeito de diferentes métodos de treinamento na produção de força muscular em grandes amplitudes de movimento. Assim, o objetivo deste estudo foi investigar os efeitos de um programa de treinamento de força com resistência elástica sobre o torque, a amplitude de movimento ativa e passiva, bem como o ângulo e o tempo de sustentação da flexão de quadril em bailarinas clássicas. Participaram deste estudo 15 bailarinas que foram divididas em dois grupos: grupo intervenção (n = 8 e grupo controle (n = 7. Durante o estudo, todas participantes mantiveram a rotina habitual de aulas de “ballet”, porém o grupo intervenção realizou um treinamento de força com resistência elástica para os flexores de quadril, o qual foi realizado duas vezes por semana, durante seis semanas. Antes e depois de seis semanas, todas participantes realizaram medidas de torque, das amplitudes ativas e passivas, bem como do ângulo e tempo de sustentação da flexão de quadril. ANOVA de um fator (grupo com medidas repetidas no tempo foi usada para identificar os efeitos da intervenção. O grupo intervenção apresentou incrementos de torque três vezes superiores ao grupo controle (grupo intervenção = 38,47% e grupo controle = 13,13%. Incrementos de 125,25% para o tempo de sustentação foram observadas somente para o grupo intervenção. Nenhum efeito foi identificado nas demais variáveis. Os achados mostram que o treinamento de força com resistência elástica gera aumentos no torque, bem como no tempo de sustentação de flexão de quadril em bailarinas clássicas.

  20. Análise da suplementação de carboidratos e solução isotônica sobre parâmetros hematológicos e bioquímicos de jogadores profissionais de futebol em condições reais de treinamento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciano de Oliveira Siqueira

    2012-12-01

    Full Text Available Avaliou-se o efeito de uma suplementação com carboidratos e bebidas esportivas sobre parâmetros laboratoriais em atletas de futebol de campo, em uma situação real de treinamento. Foram coletados 10 ml de sangue venoso e 50 ml de urina em repouso e 15 minutos após treinamento. Os resultados mostram que o exercício intenso causou um variável grau de estase urinária, bem como provocou alterações hidroeletrolíticas caracterizadas por uma diminuição na concentração sérica de sódio, potássio, magnésio, fósforo e glicose (p<0,05, que não foi modificada por nenhum tipo de protocolo de suplementação nas condições propostas no presente estudo. A suplementação eletrolítica proposta mostrou-se limitada para evitar variações eletrolíticas e que a reposição deve ser avaliada à luz de um contexto ambiental e de treinamento.

  1. Benefícios do treinamento auditivo em usuários de aparelho de amplificação sonora individual - revisão sistemática

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lizandra Oliveira Beier

    2015-08-01

    Full Text Available Resumo:O presente estudo consiste em uma revisão sistemática de literatura com o objetivo de verificar se o treinamento auditivo produz benefícios aos pacientes usuários de aparelho de amplificação sonora individual. Os estudos foram selecionados a partir de critérios de inclusão previamente estabelecidos e a partir deste, os dados de interesse foram extraídos. Na busca, foram avaliados e selecionados apenas os estudos cujo título, resumo ou corpo do artigo tivesse relação com o objeto do presente estudo. Os artigos pesquisados demonstraram que o treinamento auditivo aplicado nas suas diferentes concepções, sendo formal, informal, com leitura orofacial ou estratégias de comunicação, analítico ou sintético, beneficia os usuários de aparelho de amplificação sonora individual, principalmente quando associado às tarefas com demanda cognitiva.

  2. Neuromuscular hamartoma arising in the brachial plexus

    International Nuclear Information System (INIS)

    Lai, P.H.; Chen, C.; Yeh, L.R.; Pan, H.B.; Ho, J.T.; Hsu, S.S.; Lin, S.L.

    2004-01-01

    We report a case brachial plexus neuromuscular hamartoma (choristoma) in a 28-year-old man who complained of numbness of the left hand and forearm for several years. MRI revealed a circumscribed, rounded mass in the left brachial plexus. The patient is well 2 years after surgery, with no neurological deficit. (orig.)

  3. Neuromuscular contributions to age-related weakness

    Science.gov (United States)

    Age-related physiological change of neuromuscular function is not a linear process and is likely influenced by various biological and behavioral factors (e.g., genetics, nutrition, physical activity level, comorbidities, etc.). These factors contribute to heterogeneity among older adults, which chal...

  4. Dynamic Flexibility and Proprioceptive Neuromuscular Facilitation.

    Science.gov (United States)

    Hardy, Lew; Jones, David

    1986-01-01

    Two experiments are described which investigated whether results obtained in studies of static flexibility tranfer to dynamic flexibility. In both experiments, subjects were assigned to a group receiving proprioceptive neuromuscular facilitation training, ballistic stretching technique training or a control group. Results are presented and…

  5. Sugammadex Improves Neuromuscular Function in Patients ...

    African Journals Online (AJOL)

    2018-02-23

    Feb 23, 2018 ... aminoglycosides), history of allergy to neuromuscular blocking agents, opioids or other drugs, and alcohol and drug dependence. Patients were divided into two ... titration microcalorimetry investigated the likelihood of the formation of complexes between sugammadex and other steroidal and nonsteroidal ...

  6. MRC Centre Neuromuscular Biobank (Newcastle and London): Supporting and facilitating rare and neuromuscular disease research worldwide.

    Science.gov (United States)

    Reza, Mojgan; Cox, Daniel; Phillips, Lauren; Johnson, Diana; Manoharan, Vaishnavi; Grieves, Michael; Davis, Becky; Roos, Andreas; Morgan, Jennifer; Hanna, Michael G; Muntoni, Francesco; Lochmüller, Hanns

    2017-11-01

    Neuromuscular diseases are both genetic and acquired conditions resulting in progressive muscle weakness and wasting which lead to disability and reduced survival. The availability of high-quality human biomaterial is crucial to support biomedical research with potential applications at all stages of development, from molecular pathophysiology to drug discovery, clinical trials and evaluation of biomarkers. Although significant progress has been made over the last few years in the diagnosis of these rare conditions, the genetic defect and underlying pathological abnormality remain unknown in approximately 1/3 of cases. Moreover, to date no definitive cure is available for most neuromuscular disorders, nor are there sufficiently reliable and specific biomarkers to monitor disease progression and response to treatment. This is in part due to the rarity and genetic heterogeneity of neuromuscular diseases and the lack of access to patient samples. The availability of the national MRC Centre Biobank for Neuromuscular Diseases in Newcastle and London has addressed this bottleneck and supported neuromuscular research. Nine years after the establishment of the MRC Centre Biobank, many high profile research publications have highlighted the positive impact of neuromuscular biobanking for translational research and proven this facility to be a unique repository source for diagnostics, basic science research, industry, drug development, and therapy. Copyright © 2017 The Authors. Published by Elsevier B.V. All rights reserved.

  7. Necessidades de treinamento organizacional e motivação para trabalhar Training needs and work motivation: analysis of the relationship

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gisela Gomes da Silva

    2012-04-01

    Full Text Available Apesar de contribuir com a programação, a execução e a avaliação de resultados, a etapa de análise de necessidades tem sido constantemente negligenciada pela literatura científica e pela prática profissional de treinamento, cujos volumosos investimentos, portanto, tendem a ser desperdiçados. Os modelos que orientam este importante campo foram propostos há aproximadamente 50 anos, de forma que não são capazes, atualmente, de orientar teórica e metodologicamente estudiosos e praticantes da área. Nesse sentido, esta pesquisa objetivou, mediante execução de análise de covariância em amostra de 213 participantes, investigar a relação entre motivação para o trabalho e complexidade de necessidades de treinamento, com vistas a permitir a composição futura de modelos teóricos de análise de necessidades integrados, não apenas por componentes relacionados às tarefas, como prescrito na literatura, mas, também, por variáveis relativas aos níveis individual, grupal e organizacional de análise. Especificamente, quatro objetivos específicos, cada qual associado a procedimentos e técnicas de pesquisa particulares, foram determinados: (1 elaborar, por meio de pesquisa documental e grupo de foco, e validar, teórica e empiricamente, a partir de entrevista individual e realização de análises fatoriais exploratórias, instrumento para aferição das necessidades de treinamento; (2 adaptar e validar estatisticamente o instrumento de medida de motivação para trabalhar, também em função de análises fatoriais exploratórias; (3 com teste de diferença de médias entre amostras independentes, formar grupos de comparação em função do no nível de motivação para trabalhar dos respondentes; e (4 identificar variáveis de controle estatístico para composição do modelo final de investigação a partir de correlações bivariadas. Os resultados obtidos satisfizeram todos esses quatro objetivos intermediários de pesquisa

  8. A influência do treinamento de força e do treinamento aeróbio sobre as concentrações hormonais de testosterona e cortisol

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Rangel de Araújo

    2008-06-01

    Full Text Available A intenção desse trabalho é rever a influência do treinamento aeróbio e de força, perante as concentrações agudas e crônicas dos hormônios testosterona e cortisol. Além disso, verificar outros fatores importantes, tais como idade, alimentação e ritmo circadiano, os quais podem modificar agudamente as concentrações de testosterona e cortisol, dificultando assim o entendimento das respostas hormonais desencadeadas pelo treinamento. Apesar das diversas controvérsias encontradas no presente estudo, as atividades periodizadas e de alta intensidade parecem estimular maiores liberações de testosterona e pouca liberação de cortisol, potencializando, consequentemente, os níveis de força e hipertrofia muscular. Todavia, novos estudos devem ser realizados com delineamentos mais adequados respeitando as diversas interações (alimentação, idade, sexo, nível de experiência com o treinamento físico, etc. que envolvem o treinamento físico.

  9. EFEITOS DO TREINAMENTO AERÓBICO E DO FORTALECIMENTO EM PACIENTES COM INSUFICIÊNCIA CARDÍACA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo Calegari

    Full Text Available RESUMO Introdução: A intolerância ao exercício e a dispneia são os principais sintomas da insuficiência cardíaca (IC. Objetivo: Avaliar os efeitos de um programa de exercícios aeróbicos e de fortalecimento sobre a aptidão cardiorrespiratória, o pico de torque dos flexores e extensores de joelho e a qualidade de vida de pacientes com IC. Métodos: Estudo prospectivo, com avaliação pré e pós-reabilitação cardiovascular (RCV de sete pacientes, com idade de 61 ± 6 anos, classe funcional II e III e fração de ejeção do ventrículo esquerdo 45,4 ± 2,3%. O programa de RCV consistiu em 24 sessões de 60 minutos com treinamento aeróbico na intensidade do limiar de anaerobiose (LA e fortalecimento dos membros inferiores usando caneleiras de 3 a 5 kg. No início e após RCV os pacientes realizaram prova de esforço, dinamometria isocinética do joelho dominante e responderam o questionário WHOQOL-bref. Resultados: Após RCV, o tempo de exercício para atingir o LA foi atrasado (p= 0,04 e houve aumento significativo no consumo de oxigênio (VO2 (p < 0,01, da frequência cardíaca (FC (p= 0,04, pulso de oxigênio (VO2/FC (p = 0,02 e ventilação (VE (p = 0,01 na intensidade do LA. Houve aumento do pico de torque dos músculos extensores de joelho (p = 0,02 e melhora significativa do domínio psicológico (p = 0,04 do questionário de qualidade de vida. Conclusão: O programa de RCV foi seguro e resultou em melhora do desempenho de exercícios submáximos, da força dos músculos extensores de joelho e da qualidade de vida de pacientes com IC.

  10. Influência do treinamento aeróbio nos mecanismos fisiopatológicos da hipertensão arterial sistêmica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco Luciano Pontes Júnior

    2010-12-01

    Full Text Available O objetivo da presente revisão foi discutir as principais influências do exercício aeróbio nos mecanismos fisiopatológicos da hipertensão sistêmica. A hipotensão pós-exercício (HPE resulta de uma redução persistente na resistência vascular periférica (RVP, mediada pelo sistema nervoso autônomo e por substâncias vasodilatadoras. A diminuição da pressão arterial com o treinamento crônico ocorre pela diminuição da RVP e do débito cardíaco em repouso, por meio da redução da atividade neural simpática e do aumento da sensibilidade barorreflexa. Além disso, o exercício crônico pode promover redução da concentração de catecolaminas, melhora do perfil metabólico, afetar a atividade funcional do endotélio vascular e promover mudanças positivas na composição corporal. Desse modo, a inclusão do exercício físico aeróbio é fortemente recomendada como estratégia não farmacológica para o tratamento da hipertensão, não apenas pelo efeito benéfico na pressão arterial, bem como na redução de fatores de risco cardiovasculares.

  11. A associação de esteroide anabolizante ao treinamento físico aeróbio leva a alterações morfológicas cardíacas e perda de função ventricular em ratos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Everton Crivoi do Carmo

    2011-04-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: O esteroide anabolizante (EA associado ao treinamento físico induz mudança da hipertrofia cardíaca (HC fisiológica para patológica. Entretanto, esses trabalhos foram realizados com atletas de força, sendo os efeitos do EA associados ao treinamento aeróbio poucos conhecidos. Com isso, o objetivo do estudo foi avaliar os efeitos do treinamento aeróbio e dos EA sobre a estrutura e função cardíaca. MÉTODOS: Foram utilizados 28 ratos Wistar divididos em quatro grupos: sedentários controle (SC, sedentários anabolizante (SA, treinados controle (TC e treinado anabolizante (TA. O EA foi administrado duas vezes por semana (10mg/kg/ semana. O treinamento físico de natação foi realizado durante 10 semanas, cinco sessões semanais. Foram avaliadas a pressão arterial e frequência cardíaca por pletismografia de cauda, função ventricular por ecocardiografia, diâmetro dos cardiomiócitos e fração volume de colágeno por métodos histológicos. RESULTADOS: Não foram observadas diferenças na PA. O grupo TC apresentou redução da frequência cardíaca de repouso após o período experimental, o que não ocorreu no grupo TA. Foram observadas HC de 38% no grupo SA, 52% no grupo TC e de 64% no grupo TA em relação ao grupo SC. O grupo TA apresentou diminuição da função diastólica em relação aos outros grupos. Os grupos treinados apresentaram aumentos significantes no diâmetro dos cardiomiócitos. Os grupos SA e TA apresentaram aumento na fração volume de colágeno em relação aos grupos SC e TC. CONCLUSÃO: Os resultados apresentados mostram que o treinamento físico de natação induz a HC, principalmente pelo aumento do colágeno intersticial, o que pode levar a prejuízos da função diastólica.

  12. Benefícios do treinamento de força em crianças e adolescentes em idade escolar : uma revisão de literatura

    OpenAIRE

    Guimarães, Juliano da Silva

    2012-01-01

    O objetivo desta revisão literária foi de observar os benefícios que o treinamento de força pode trazer a crianças e adolescentes. Levando em conta as diversas variáveis do treinamento, bem como o nível maturacional de tais crianças e adolescentes. Comparando os aspectos fisiológicos do exercício em crianças e adolescentes com os ocorridos em adultos, e como é sugerido o treinamento de força para tal faixa etária.

  13. Anormalidades neuromuscular no desuso, senilidade e caquexia Neuromuscular abnormalities in disuse, cachexia and ageing

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Aris Kouyoumdjian

    1993-09-01

    Full Text Available É feita revisão de literatura sobre as principais alterações do sistema neuromuscular no desuso, senilidade e caquexia no ser humano e em modelos animais. A diminuição do diâmetro das fibras musculares após período de inatividade/imobilidade (desuso deve-se à perda de miofibrilas periféricas não ocorrendo formação de core-targetóides ou diminuição da atividade da miofosforilase, próprias da desnervação; mantêm-se a liberação espontânea de acetilcolina e fatores tróficos na junção mio-neural; em geral são afetadas preferencialmente fibras II, que podem assumir forma angular. Existe um processo contínuo intrínseco de envelhecimento de nervos e músculos, com desnervação e reinervação lenta e progressiva; o número de unidades motoras se reduz após 60 anos, sem ocorrência de atividade elétrica desnervatória; a quantidade de acetilcolina liberada nos neurônios terminais e a capacidade máxima de utilização de oxigênio estão diminuídas; a redução da capacidade oxidativa mitocondrial pode explicar o aumento de fibras I, mantendo-se o equilíbrio energético. Após poucas semanas de caquexia as fibras musculares podem ter o diâmetro reduzido em 30%, essa redução ocorre em ordem decrescente nos músculos dos membros inferiores, superiores e tronco; existe atrofia II preferencial com fibras angulares ocasionais, redução de RNA/síntese proteica, mantendo-se DNA normal.Cachexia, ageing and disuse and their effects on the human and animals neuromuscular system are reviewed. Disuse induces reduction of muscle fibers (mainly II diameter with peripheral myofibrils lost; there is no core-targetoid or even reduction on myophosphorilase activity, both typical of denervation; the acetylcholine spontaneous release and trophic factors on myoneural junction are maintained; muscle fibers could change to angular shape. Ageing affects nerve and muscle by a continuous and progressive process of denervation and reinner

  14. Inspiratory muscle training is ineffective in mechanically ventilated critically ill patients O treinamento da musculatura inspiratória é ineficiente em pacientes graves submetidos à ventilação mecânica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro Caruso

    2005-12-01

    da carga sobre os músculos inspiratórios, a diminuição da força e a resistência muscular é determinante na dependência da ventilação. A baixa resistência muscular pode ser causada por atrofia muscular, pela doença grave ou pelo uso de corticoesteróides. O treinamento da musculatura inspiratória pode aumentar ou preservar a resistência. O objetivo principal do estudo foi testar a hipótese que o treinamento da musculatura inspiratória desde o início da ventilação iria abreviar o desmame da ventilação e diminuir a taxa de reintubação. Como objetivo secundário descrevemos a evolução da pressão inspiratória máxima com e sem treinamento da musculatura inspiratória. MÉTODOS: Estudo prospectivo e aleatorizado em unidade de tratamento intensivo Clínico-Cirúrgica. Doze pacientes treinaram a musculatura inspiratória duas vezes ao dia e treze não treinaram (controle. O treinamento foi realizado ajustando a sensibilidade do ventilador, baseando-se na pressão inspiratória máxima. Os pacientes tiveram sua pressão inspiratória máxima verificada diariamente. RESULTADOS: A duração do desmame (31 ± 22 controle e 23 ± 11 horas grupo treinamento; p=0.24 não foi estatisticamente diferente. A pressão inspiratória máxima do grupo controle teve leve tendência ao aumento, enquanto o grupo treinamento teve leve tendência à diminuição. CONCLUSÃO: Em pacientes graves, o treinamento da musculatura inspiratória desde o início da ventilação mecânica não abreviou o desmame, nem diminuiu a reintubação. A pressão inspiratória máxima tendeu a manter-se constante ao longo da ventilação mecânica, com ou sem o treinamento inspiratório aplicado.

  15. Residual Neuromuscular Blockade in the Critical Care Setting.

    Science.gov (United States)

    Stawicki, Nicole; Gessner, Patty

    2018-01-01

    Residual neuromuscular blockade is a widespread challenge for providers in the acute care setting that, if left unrecognized or untreated, places patients at higher risk for morbidity and mortality. The condition is estimated to occur in 26% to 88% of patients undergoing general anesthesia. The role of the advanced practice nurse in the acute care setting is to facilitate a safe recovery process by identifying early signs of deterioration and supporting the patient until full muscular strength has returned. This article discusses the prevalence of residual neuromuscular blockade and associated complications and patient risk factors. A review is included of the current uses for neuromuscular blockade, pathophysiology of the neuromuscular junction, pharmacologic characteristics of neuromuscular blocking agents (including drug-drug interactions), monitoring modalities, and effectiveness of reversal agents. Treatment recommendations pertinent to residual neuromuscular blockade are outlined. ©2018 American Association of Critical-Care Nurses.

  16. Efeitos do exercício físico aeróbio na modulação autonomica da frequência cardíaca de mulheres com sindrome dos ovários policisticos

    OpenAIRE

    Sá, Joceline Cássia Ferezini de

    2013-01-01

    O objetivo deste estudo foi analisar o efeito do treinamento físico aeróbico (TFA) na modulação autonômica cardíaca, avaliado pela variabilidade da frequência cardíaca (VFC), em mulheres com síndrome dos ovários policísticos (SOP). Participaram do estudo 30 mulheres na faixa etária entre 18 e 34 anos, com diagnóstico de SOP de acordo com o Consenso de Rotterdam, e foram divididas em dois grupos: 1) grupo treinamento (GT; n=15) que concluíram programa de treinamento aeróbico durante 16 semanas...

  17. RESPOSTA AGUDA DO LACTATO SANGUÍNEO A DIFERENTES PROTOCOLOS DE TREINAMENTO COM PESOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leandro Oliveira da Cruz Siqueira

    Full Text Available RESUMO Introdução: O treinamento em circuito é um modelo de treinamento resistido que permite uma variada combinação de sobrecarga e, por isso, requer mais informações para que se compreenda a demanda glicolítica anaeróbia durante sua execução. Objetivo: O objetivo foi comparar dois protocolos de treinamento com pesos, com (Tconv e sem (Tcirc pausa entre as execuções, quanto à resposta do lactato sanguíneo ([la]. Métodos: Onze homens (21,0 ± 2,3 anos; 76,7 ± 5,4 kg, 179,5 ± 7,0 cm foram submetidos ao teste de repetição máxima. O Tcirc e o Tconv foram prescritos a 60%1RM, 12 repetições, sendo três passagens com pausa de 300 s para Tcirc e três séries de cada exercício com 180 s de pausa para o Tconv. Os exercícios que compuseram ambos os protocolos de treinamento foram: supino reto, cadeira extensora unilateral, peck-deck, mesa flexora, pulley alto, leg press 45º, remada horizontal e panturrilha no hack. O teste de ANOVA (Bonferroni post hoc comparou o [la] no 1º, 3º e 5º minuto após as passagens no Tcirc e após cada série no Tconv. O teste t independente comparou as médias do pico de lactato entre Tcirc e Tconv. Em todas as análises adotou-se p ≤ 0,05. Resultados: Foram observadas diferenças para o [la] entre a 1ª (10,6 ± 1,0 mmol/l e a 2ª passagem (13,5 ± 1,8 mmol/l, P = 0,01 e entre a 1ª e a 3ª passagem (15,0 ± 2,5 mmol/l, P < 0,01 no Tcirc. Durante Tconv, os maiores valores médios de [la] foram observadas nos exercícios pulley alto (11,2 ± 2,2 mmol/l e leg press 45º (11,9 ± 2,6 mmol/l. Houve diferença (P < 0,01 ao comparar o pico de [la] após Tconv (12,8 ± 2,2 mmol/l e Tcirc (15,9 ± 2,0 mmol/l. Conclusão: O Tcirc demanda maior resposta glicolítica, enfatizando sua efetividade no aumento da capacidade anaeróbia muscular. Além disso, a execução não intermitente do Tcirc pode explicar sua maior demanda glicolítica, uma vez que Tconv e Tcirc foram proporcionalmente delineados

  18. Efeitos do treinamento funcional com cargas sobre a composição corporal: Um estudo experimental em mulheres fisicamente inativas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Priscila Cartaxo Pereira

    2012-03-01

    Full Text Available O presente estudo objetivou analisar os efeitos do treinamento funcional com cargas (TFC na composição corporal de mulheres fisicamente inativas. Vinte mulheres (25.70 ± 4.20 anos foram designadas aleatoriamente para os grupos experimental (GE, n = 10 e controle (GC, n = 10, tendo o GE realizado 12 semanas de TFC, enquanto o GC não recebeu qualquer intervenção. As variáveis antropométricas avaliadas em ambos os grupos foram: massa corporal (MC, estatura, índice de massa corporal (IMC, massa de gordura absoluta, massa corporal magra (MCM e percentual de gordura (%G. Os testes t de Student independente e pareado foram utilizados para a comparação das médias inter e intra-grupos experimental e controle (p < .05. O GE apresentou reduções significativas nos valores de %G (p < .001, enquanto o GC aumentou seus níveis de MCM (p < .001, IMC (p < .001 e MC (p = .021. Os resultados indicaram que após de 12 semanas o TFC reduz os níveis de gordura corporal, mas não promove aumentos de MCM em mulheres fisicamente inativas.

  19. Unidades fraseológicas especializadas eventivas no âmbito do Treinamento de Força: um “exercício” exploratório

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia dos Santos Dornelles

    2014-12-01

    Full Text Available Apoiado na Teoria Comunicativa da Terminologia, este estudo buscou identificar, descrever e analisar, de uma perspectiva linguística, a formação de unidades fraseológicas especializadas (UFE eventivas (cf. BEVILACQUA, 2004 no âmbito do Treinamento de Força (TF – uma especialidade da Educação Física. Para tanto, exploramos, com o programa AntConc (2011, um corpus de 21 artigos científicos em português sobre TF. Entre os achados do estudo, destacamos a variação denominativa (quase-sinonímia e conceitual (polissemia em unidades terminológicas e fraseológicas extraídas; e a predominância de nominalizações, comparadas a verbos e particípios, nas UFE eventivas. Os procedimentos e critérios adotados, e as conclusões a que chegamos servirão de base para a tomada de decisões referentes à inclusão dessas fraseologias em um protótipo de glossário bilíngue (Português-Inglês dirigido a tradutores, produto de nossa pesquisa de mestrado.

  20. Os efeitos do treinamento de força sobre os fatores de risco da síndrome metabólica Effects of resistance training over metabolic syndrome risk factors

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Muniz Guttierres

    2008-03-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Medidas não-farmacológicas, como a atividade física, vêm sendo recomendadas para prevenção e tratamento de doenças crônicas não transmissíveis. OBJETIVO: Realizar revisão da literatura para verificar os mecanismos por meio dos quais o treinamento de força provoca alterações metabólicas e celulares, agindo positivamente sobre os fatores de risco da síndrome metabólica. METODODOLOGIA: Foram utilizadas as bases de dados Medline, Scielo, Science Direct e Capes. A busca foi restrita aos últimos 10 anos. Os termos utilizados para pesquisa foram: obesity, dislipidemy,hypertension, diabetes mellitus, metabolic syndrome, resistance training, weight lifting, exercise. RESULTADOS: O treinamento de força atua sobre parâmetros metabólicos e celulares promovendo efeitos positivos no controle e na prevenção dos fatores de risco relacionados à síndrome metabólica, tais como diminuição do peso corporal, aumento da sensibilidade à insulina, aumento da tolerância à glicose, diminuição dos níveis pressóricos de repouso e melhoria do perfil lipídico. CONCLUSÃO: A revisão dos artigos científicos apresentados fornece dados que permitem concluir que o treinamento de força pode contribuir de forma efetiva na diminuição dos fatores de risco relacionados à síndrome metabólica.INTRODUCTION: Non-pharmacological measures, such as practicing physical activity, have been recommended for prevention and treatment of non-transmissible chronic diseases. OBJECTIVE: To review the mechanisms by which resistance training results in metabolic and cellular alterations that act positively on metabolic syndrome risk factors. METHOD: The search was limited to the past 10 years, using the Medline, Scielo, Science direct and Capes databases. The terms used in the search were: obesity, dyslipidemia, hypertension, diabetes mellitus, metabolic syndrome, resistance training, weight lifting, and exercise. RESULTS: Resistance training

  1. Construção e validação de escala de crenças sobre o sistema treinamento Development and validation of a training system beliefs scale

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Isa Aparecida de Freitas

    2004-12-01

    Full Text Available Este artigo aborda a construção e validação da escala de crenças sobre o sistema de treinamento. Os itens foram formulados a partir do Modelo MAIS (Borges-Andrade, 1982 aplicado à avaliação de treinamento, das escalas de cinismo organizacional (Tesluk, Farr, Mathieu, & Vance, 1995 e das crenças que as pessoas possuem sobre treinamento descritas na revisão de Rousseau (1997. Crenças são vistas como os aspectos cognitivos relacionados a um objeto (Ajzen & Fishbein, 1980. Foram criados 35 itens, que passaram por processo de validação semântica e estatística no Banco do Brasil. Na validação estatística, realizada com 327 casos, utilizou-se análise de componentes principais e análise fatorial (PAF, rotação oblíqua. Os resultados dessas análises indicaram a existência de três fatores, com índices psicométricos adequados e conteúdos consistentes com o modelo teórico adotado, o que sugere a validade interna do instrumento. Possibilidades de intervenção nas organizações com o uso dessa escala também são discutidas.This paper focuses on the development and validation of a scale for measuring beliefs on the training system. The MAIS Model (Borges-Andrade, 1982 applied to training evaluation, the Organizational Cynicism Scales (Tesluk, Farr, Mathieu, & Vance, 1995 and the beliefs people hold on training, described in Rousseau's (1997 review, have been used as a basis for formulating the scale items. Beliefs are viewed as cognitive aspects related to an object (Ajzen & Fishbein, 1980. Thirty-five items have been formulated and semantically and statistically validated in Banco do Brasil. For statistical validation, 327 cases have been collected and principal components analysis and factor analysis (PAF, oblimin rotation have been used. The results have indicated the existence of three factors, with adequate psychometric indexes. Their content has been found to be consistent with the adopted theoretical model. These results

  2. Suplementação com creatina associada ao treinamento resistido não altera as funções renal e hepática

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Perillo Ferreira Carvalho

    2011-08-01

    Full Text Available A creatina é o suplemento nutricional mais popular utilizado para melhorar o desempenho em atividades que envolvem exercícios de curta duração e alta intensidade. Porém, as possíveis intercorrências advindas do seu uso não estão totalmente elucidadas. O objetivo do estudo foi avaliar os efeitos de duas dosagens de suplementação com creatina nas funções renal e hepática de adultos saudáveis durante oito semanas de treinamento de musculação. Exames bioquímicos foram realizados em 35 praticantes de musculação distribuídos aleatoriamente em três grupos, placebo (PLA, n = 12, creatina (CRE1, n = 12 e creatina 2 (CRE2, n = 11, antes e após oito semanas de treinamento com exercícios resistidos. Em desenho duplo-cego, os voluntários foram suplementados (20g/dia com creatina (CRE1 e CRE2 ou placebo (PLA por sete dias e nos 53 dias subsequentes com 0,03g/kg de massa corporal de creatina (CRE1 e placebo (PLA e com 5g/dia o grupo CRE2. Não houve intervenção na composição de suas dietas, que foram registradas e analisadas. Os resultados dos exames bioquímicos realizados permaneceram dentro das faixas de normalidade. Os valores de creatinina aumentaram 12,2% no grupo CRE1 e 9,0%, no CRE2, enquanto que no grupo PLA diminuiu 4,7%, entretanto, esses valores não ultrapassaram os índices de normalidade. Os valores dos exames da função hepática diminuíram em quase todas as frações, em todos os tratamentos, contudo, sem significância estatística. Conclui-se que a suplementação com creatina nas dosagens utilizadas (0,03g/kg e 5g/dia para indivíduos saudáveis por oito semanas não altera a função hepática ou renal, sendo assim, nas condições deste estudo, foi considerada segura.

  3. Efeitos do treinamento resistido sobre a força muscular de idosas: uma comparação entre métodos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Moreno Lima

    2012-06-01

    Full Text Available DOI: http://dx.doi.org/10.5007/1980-0037.2012v14n4p409 O treinamento de força (TF proporciona ganhos de força muscular (FM em idosos. Entretanto, a magnitude pode variar consideravelmente conforme o método de avaliação utilizado. O estudo teve como objetivo comparar dois métodos de avaliação de força muscular após programa de TF em idosas. Participaram 61 idosas (idade média de 66,8 ± 5,8 anos, submetidas a um programa com duração de 24 semanas. Os exercí­cios contemplaram os principais grupos musculares. A FM dos extensores do joelho foi avaliada pelo teste da repetição máxima (1RM e pelo dinamômetro isocinético (60º.s-1 antes e após o TF. Aplicou-se uma ANOVA 2X2 para comparar os métodos e a FM após o programa de TF. Observou-se que a FM aumentou significativamente após a intervenção, em ambos os métodos. Os incrementos na FM foram de 16,7% e 54,7% para o isocinético e 1RM respectivamente. Os incrementos avaliados pela 1RM foram significativamente (P<0,001 superiores aos mensurados pelo isocinético. Apesar dos valores estarem dentro dos limites de concordância, a diferença entre 1RM e Isocinético diminuiu conforme o aumento da FM pós-treinamento. Concluiu-se que, embora o TF promova aumento da FM em idosas, a magnitude desse ganho varia substancialmente em função do método utilizado. Ao que parece, o uso da 1RM pode superestimar os ganhos de FM e influenciar a interpretação funcional dos efeitos proporcionados pelo TF.

  4. Influence of intense neuromuscular blockade on surgical conditions during laparotomy

    DEFF Research Database (Denmark)

    Madsen, Matias Vested; Donatsky, Anders Meller; Jensen, Bente Rona

    2015-01-01

    neuromuscular block on surgical conditions with a subjective rating scale, force needed to close the fascia, incidences of abdominal contractions while suctioning the lungs, width of the wound diastase and operating time as outcome parameters. RESULTS: In all six pigs no abdominal contractions occurred while...... neuromuscular block suctioning the lungs elicited brief periods of abdominal EMG activity. No difference was found in the force needed to close the fascia when comparing no neuromuscular block with intense neuromuscular block. Furthermore, no significant differences were found in the width of the diastase...... not influence the force needed to close the fascia....

  5. Recruitment rate, feasibility and safety of power training in individuals with Parkinson's disease: a proof-of-concept study Taxa de recrutamento, viabilidade e segurança de um treinamento de potência muscular em indivíduos com doença de Parkinson: um estudo prova de conceito

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lidiane O. Lima

    2013-02-01

    Full Text Available BACKGROUND: It has been suggested that power training should be implemented in interventions in Parkinson's disease (PD. However, it is necessary to determine the feasibility and safety of training rapid movements in such individuals. OBJECTIVES: To determine the rate of recruitment of potential participants, the rate of attendance at training sessions, the levels of adherence to the intervention, and the rate of adverse events. METHOD: Patients with PD, users of the national public health system underwent power training of the lower limb muscles three times a week for 10 weeks. The number of people who were screened and recruited was recorded, as well as the rate of attendance at the training sessions and adherence to the intervention protocol. Safety was assessed by the presence of adverse events, pain, number of falls, and risk of injury associated with the intervention. RESULTS: Over the course of eight months, 62 individuals were screened and only 13 completed the program. The rates of attendance and adherence were 88% and 97%, respectively. There were no adverse events during training. Two participants reported joint pain and one reported falls during the training period. CONCLUSIONS: The recruitment rate was low due to the subjects' difficulties with transportation and lack of interest. The high rates of adherence and attendance and the absence of adverse events suggest that power training is feasible and safe in PD.CONTEXTUALIZAÇÃO: Sugeriu-se que treinamento de potência muscular deve ser implementado em programas de exercícios na doença de Parkinson (DP. Entretanto, há necessidade de se determinar a viabilidade e a segurança associadas ao treinamento de movimentos rápidos em tais indivíduos. OBJETIVOS: Determinar a taxa de recrutamento dos participantes; a taxa de presença nas sessões de treinamento; o nível de adesão ao protocolo de intervenção e a taxa de eventos adversos relacionados. MÉTODO: Indivíduos com DP, usu

  6. Improving Neuromuscular Monitoring and Reducing Residual Neuromuscular Blockade With E-Learning

    DEFF Research Database (Denmark)

    Thomsen, Jakob Louis Demant; Mathiesen, Ole; Hägi-Pedersen, Daniel

    2017-01-01

    BACKGROUND: Muscle relaxants facilitate endotracheal intubation under general anesthesia and improve surgical conditions. Residual neuromuscular blockade occurs when the patient is still partially paralyzed when awakened after surgery. The condition is associated with subjective discomfort and an......-learning module can increase anesthetists' use of neuromuscular monitoring. TRIAL REGISTRATION: Clinicaltrials.gov NCT02925143; https://clinicaltrials.gov/ct2/show/NCT02925143 (Archived by WebCite® at http://www.webcitation.org/6s50iTV2x)....

  7. Urgencias en patología neuromuscular Emergencies in neuromuscular pathology

    OpenAIRE

    T. Ayuso; I. Jericó

    2008-01-01

    La debilidad muscular aguda (DMA) es el síntoma predominante de las urgencias neuromusculares, especialmente si afecta a la musculatura respiratoria u orofaríngea. La DMA es un síndrome plurietiológico y con distintos niveles lesionales en la unidad motora. Dentro del amplio grupo de enfermedades neuromusculares, las que con mayor frecuencia provocan DMA e insuficiencia respiratoria son el síndrome de Guillain-Barré (SGB) y la miastenia gravis (MG). El SGB constituye la causa más frecuente de...

  8. Treinamento aeróbico melhora a capacidade funcional de pacientes em hemodiálise crônica Aerobic exercise improves physical capacity in patients under chronic hemodialysis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diane Michela Nery Henrique

    2010-06-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Na população geral, a prática regular de exercícios físicos se associa à melhora da capacidade funcional e à redução de eventos cardiovasculares. Já em portadores de doença renal crônica, uma população com significativo comprometimento da capacidade funcional e elevadas taxas de mortalidade cardiovascular, poucos estudos avaliam os efeitos da atividade física. OBJETIVO: Avaliar o efeito do treinamento aeróbico durante as sessões de hemodiálise, sobre a capacidade funcional e a pressão arterial de pacientes renais crônicos. MÉTODOS: Foram avaliados 14 pacientes portadores de doença renal crônica sob tratamento hemodialítico, antes e depois de 12 semanas de treinamento aeróbico realizado durante as sessões de hemodiálise. Os pacientes foram submetidos a monitorização ambulatorial da pressão arterial de 24 horas, teste de caminhada de 6 minutos e teste cardiopulmonar de exercício antes e depois do período de treinamento. RESULTADOS: Após o treinamento, observou-se aumento significativo da distância percorrida no teste de caminhada de 6 minutos de 509 ± 91,9 m para 555 ± 105,8 m, além de redução significativa da pressão arterial sistólica de 151 ± 18,4 mmHg para 143 ± 14,7 mmHg, da pressão arterial diastólica de 94 ± 10,5 mmHg para 91 ± 9,6 mmHg e da pressão arterial média de 114 ± 13,0 mmHg para 109 ± 11,4 mmHg. CONCLUSÃO: O treinamento aeróbico realizado durante as sessões de hemodiálise contribuiu para a melhora da capacidade funcional e para o controle da hipertensão arterial dos pacientes portadores de doença renal crônica.BACKGROUND: In the general population, regular practice of physical exercises is associated with improved physical capacity and reduction of cardiovascular events. Concerning patients with chronic kidney disease, a population with significant impairment of physical capacity and high rates of cardiovascular mortality, few studies have evaluated the effects

  9. Alterações da junção neuromuscular em miopatias experimentais no camundongo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Fernando Bleggi Torres

    1989-06-01

    Full Text Available As alterações morfológicas observadas em junção neuromuscular de dois modelos de miopatia em camundongos são estudadas por métodos histoquímicos para demonstrar atividade da enzima acetilcolinesterase e por microscopia eletrônica. Em ambas as situações os resultados obtidos são similares, indicando que a junção neuromuscular permanece intacta mesmo quando a fibra que inerva está sofrendo necrose. Em fibras musculares regeneradas há acentuada simplificação das pregas pós-sinápticas, com redução de até 50% dos valores normais, comprovado por estudos morfométricos. A ausência de repercussões fisiológicas ou clínicas detectáveis nesses modelos, apesar da significativa hipotrofia da membrana pós-sináptica, sugere que a exuberante quantidade de pregas pós-sinápticas normalmente encontradas nas junções mioneürais pode representar mecanismo anatômico de segurança na transmissão química neuromuscular.

  10. O esporte na qualidade de vida de indivíduos com lesão da medula espinhal: série de casos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fausto Orsi Medola

    2011-08-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A lesão da medula espinhal é um trauma de impacto físico e social ao indivíduo, que acarreta profundas modificações na vida de seus portadores pela paraplegia ou tetraplegia resultante. O objetivo deste estudo foi avaliar a percepção da qualidade de vida de indivíduos com lesão da medula espinhal, antes e após um período de treinamento esportivo. MÉTODOS: Participaram do estudo 16 indivíduos paraplégicos por lesão da medula espinhal, que realizaram treinamento esportivo da modalidade basquetebol em cadeira de rodas, com duração de duas horas por dia e frequência de duas vezes por semana, por um período de um ano. Para avaliação da qualidade de vida PRÉ e PÓS o período de treinamento, foi utilizado o questionário SF-36. RESULTADOS: Houve melhora geral na qualidade de vida (p = 0,006 dos participantes quando considerados os escores de todos os domínios do questionário somados PRÉ (605,7 e PÓS (651,9 treinamento. Ainda, analisando de forma específica, foi observada melhora com significância estatística na capacidade funcional (p = 0,004, estado geral de saúde (p = 0,001 e aspectos emocionais (p = 0,02. CONCLUSÃO: O treinamento esportivo mostrou-se benéfico, promove melhora na qualidade de vida de pessoas com lesão da medula espinhal que necessitam de cadeira de rodas para mobilidade e representa novos objetivos e desafios na continuidade no processo de reabilitação.

  11. Classification of neuromuscular blocking agents in a new neuromuscular preparation of the chick in vitro

    NARCIS (Netherlands)

    Riezen, H. van

    1968-01-01

    A neuromuscular preparation of the chick is described: 1. 1. The sciatic nerve-tibilis anterior muscle preparation of the 2–10 days old chick fulfils all criteria of an assay preparation and differentiates between curare-like and decamethonium-like agents. 2. 2. The preparation responds to

  12. Aula mix e treinamento resistido: comparação da influência do treinamento sobre valências físicas - doi: 10.5102/ucs.v12i2.2983

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giuliano Roberto Silva

    2014-12-01

    Full Text Available O estudo objetivou comparar Aula Mix e Treinamento Resistido avaliando quais teriam maior influência no percentual de gordura, flexibilidade e força. Foram elencadas 20 universitárias entre 20 e 30 anos, em dois grupos, n1 = 10 praticantes de Aula Mix (jump, cycle indoor, step e ginástica localizada e n2 = 10 praticantes de Treinamento Resistido. Os treinos foram realizados durante 8 semanas em 3 sessões de 60 minutos, em dias alternados. Os métodos de avaliação foram: “Sargent Jump”, arremesso de Medicine Ball, teste no banco de Wells e mensuração das sete dobras cutâneas. A Aula Mix proporcionou melhor resultado no percentual de gordura e flexibilidade, e o Treinamento Resistido, apresentou melhor resultado no ganho de força de membro superior e inferior, considerando p ≤ 0,05. Porém, independente da modalidade escolhida, às variáveis estudadas apresentou mudanças positivas, logo a prática de exercícios físicos garante promoção de saúde e qualidade de vida.

  13. Relação da síndrome do excesso de treinamento com estresse, fadiga e serotonina

    OpenAIRE

    Rohlfs, Izabel Cristina Provenza de Miranda; Mara, Lourenço Sampaio de; Lima, Walter Celso de; Carvalho, Tales de

    2005-01-01

    A grande exigência do esporte competitivo tem provocado sérias conseqüências em atletas envolvidos em treinamento de alto nível. Por sua vez, a mudança dos padrões estéticos tem levado indivíduos a buscarem, por meio do exercício físico, a redução da massa corporal, o aumento da massa muscular e do condicionamento aeróbio. É comum atletas e não atletas excederem os limites de suas capacidades físicas e psicológicas ocasionando o desenvolvimento da síndrome do excesso de treinamento (overtrain...

  14. Efeito da adição do biofeedback ao treinamento dos músculos do assoalho pélvico para tratamento da incontinência urinária de esforço Effect the adding of biofeedback to the training of the pelvic floor muscles to treatment of stress urinary incontinence

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fátima Faní Fitz

    2012-11-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar o efeito da adição do biofeedback (BF ao treinamento dos músculos do assoalho pélvico (TMAP para o tratamento da incontinência urinária de esforço (IUE. MÉTODOS: Estudo piloto prospectivo, randomizado e controlado, com mulheres com IUE sem deficiência esfincteriana detectada ao estudo urodinâmico e que realizavam a correta contração dos MAP. Foram excluídas mulheres com doenças neuromusculares e com prolapso genital graus III e IV. Foram randomizadas 40 mulheres em Grupo Controle e Grupo BF. O protocolo de TMAP com equipamento de BF foi constituído de três séries de dez contrações lentas (tônicas, com tempo de manutenção de seis a oito segundos em cada contração, seguido de um período de repouso de mesmo valor. Após cada contração sustentada, eram realizadas de três a quatro contrações rápidas (fásicas em decúbito dorsal e ortostatismo, duas vezes na semana, totalizando 12 sessões. Avaliou-se o efeito da adição do BF ao TMAP na qualidade de vida pelo King's Health Questionnaire (KHQ, nos sintomas urinários pelo diário miccional e na função dos músculos do assoalho pélvico (MAP pela palpação digital. A avaliação foi realizada inicialmente e após as 12 sessões de tratamento. O resultado foi descrito em médias e desvios padrão. Para análise de homogeneidade e verificação das diferenças entre os grupos utilizou-se o teste de Mann-Whitney, e para diferenças entre os momentos de observação, o teste de Wilcoxon, com nível de significância de 0,05. RESULTADOS: Diminuição significativa nos escores dos domínios avaliados pelo KHQ na comparação entre os grupos, exceto para o domínio saúde geral (Grupo BF 32,8±26,9 versus Grupo Controle 48,4±29,5; pPURPOSE: To investigate the effect of adding biofeedback (BF to the training of pelvic floor muscles (PFMT for the treatment of stress urinary incontinence (SUI. METHODS: A prospective pilot study, randomized and controlled

  15. Papilionoideae (Leguminosae arbóreas e lianas na estação de pesquisa, treinamento e educação ambiental (EPTEA, Mata do Paraíso, Viçosa, Zona da Mata Mineira Trees and lianes of the papilionoideae (Leguminosae in the research, training and environmental education station (EPTEA, Mata do Paraíso, Viçosa, Zona da Mata Mineira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Izabella Martins da Costa Rodrigues

    2007-01-01

    Full Text Available Este trabalho consiste em um levantamento florístico das árvores e lianas pertencentes à Papilionoideae da Mata do Paraíso, importante fragmento de Floresta Estacional Semidecidual Submontana, no Município de Viçosa, Zona da Mata mineira. A pesquisa de campo foi realizada por meio de visitas à área de estudo, no período de julho/2004 a agosto/2005. Foram reconhecidos 12 táxons infra-específicos pertencentes a oito gêneros, sendo Machaerium Pers. (4 spp. e Dalbergia L. f. (2 spp. os mais representativos. São apresentados chaves de identificação, descrições, ilustrações e comentários sobre os táxons analisados. Dalbergia nigra (Vell. Allemão ex Benth., espécie vulnerável, e Ormosia vicosana Rudd, endêmica da região, foram encontradas na EPTEA.This work is a floristic survey of trees and lianas of the Papilionoideae in the Mata do Paraíso, an important fragment of Submontane Semideciduous Seasonal Forest, in Viçosa, Zona da Mata Mineira. The fieldwork was carried out through visits to the studied area, from July/2004 to August/2005. Twelve taxa represented by eight genera were recorded. Machaerium Pers. (4spp. and Dalbergia L. f. (2 spp. were the most representatives. Identification keys, descriptions and illustrations are presented for the analyzed taxa. Dalbergia nigra (Vell. Allemão ex Benth., vulnerable species and, Ormosia vicosana Rudd, endemic for the region were found at EPTEA.

  16. Neuromuscular electrical stimulation for thromboprophylaxis: A systematic review.

    Science.gov (United States)

    Hajibandeh, S; Hajibandeh, S; Antoniou, G A; Scurr, J R H; Torella, F

    2015-10-01

    To evaluate the effect of neuromuscular electrical stimulation on lower limb venous blood flow and its role in thromboprophylaxis. Systematic review of randomised and non-randomised studies evaluating neuromuscular electrical stimulation, and reporting one or more of the following outcomes: incidence of venous thromboembolism, venous blood flow and discomfort profile. Twenty-one articles were identified. Review of these articles showed that neuromuscular electrical stimulation increases venous blood flow and is generally associated with an acceptable tolerability, potentially leading to good patient compliance. Ten comparative studies reported DVT incidence, ranging from 2% to 50% with neuromuscular electrical stimulation and 6% to 47.1% in controls. There were significant differences, among included studies, in terms of patient population, neuromuscular electrical stimulation delivery, diagnosis of venous thromboembolism and blood flow measurements. Neuromuscular electrical stimulation increases venous blood flow and is well tolerated, but current evidence does not support a role for neuromuscular electrical stimulation in thromboprophylaxis. Randomised controlled trials are required to investigate the clinical utility of neuromuscular electrical stimulation in this setting. © The Author(s) 2015.

  17. Medical back belt with integrated neuromuscular electrical stimulation

    NARCIS (Netherlands)

    Bottenberg, E. (Eliza); Brinks, G.J. (Ger); Hesse, J. (Jenny)

    2014-01-01

    The medical back belt with integrated neuromuscular electrical stimulation is anorthopedic device, which has two main functions. The first function is to stimulate the backmuscles by using a neuromuscular electrical stimulation device that releases regular,electrical impulses. The second function of

  18. ATRACURIUM-INDUCED NEUROMUSCULAR BLOCK IN THE ISOLATED ARM

    NARCIS (Netherlands)

    ERIKSSON, LI; VANDENBROM, RHG; LENNMARKEN, C; AGOSTON, S

    1992-01-01

    A modification of the isolated arm technique was applied in 10 females under opioid-based i.v. anaesthesia for comparison of the offset of an atracurium-induced neuromuscular block in an isolated arm to an arm with maintained circulation. The neuromuscular blocking effect of a bolus dose of

  19. Recent achievements in restorative neurology: Progressive neuromuscular diseases

    International Nuclear Information System (INIS)

    Dimitrijevic, M.R.; Kakulas, B.A.; Vrbova, G.

    1986-01-01

    This book contains 27 chapters. Some of the chapter titles are: Computed Tomography of Muscles in Neuromuscular Disease; Mapping the Genes for Muscular Dystrophy; Trophic Factors and Motor Neuron Development; Size of Motor Units and Firing Rate in Muscular Dystrophy; Restorative Possibilities in Relation to the Pathology of Progressive Neuromuscular Disease; and An Approach to the Pathogenesis of some Congenital Myopathies

  20. Neuromuscular Manifestations of West Nile Virus Infection

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A. Arturo eLeis

    2012-03-01

    Full Text Available The most common neuromuscular manifestation of West Nile virus (WNV infection is a poliomyelitis syndrome with asymmetric paralysis variably involving one (monoparesis to four limbs (quadriparesis, with or without brainstem involvement and respiratory failure. This syndrome of acute flaccid paralysis may occur without overt fever or meningoencephalitis. Although involvement of anterior horn cells in the spinal cord and motor neurons in the brainstem are the major sites of pathology responsible for neuromuscular signs, inflammation also may involve skeletal or cardiac muscle (myositis, myocarditis, motor axons (polyradiculitis, peripheral nerve (Guillain-Barré syndrome, brachial plexopathy. In addition, involvement of spinal sympathetic neurons and ganglia provides a plausible explanation for autonomic instability seen in some patients. Many patients also experience prolonged subjective generalized weakness and disabling fatigue. Despite recent evidence that WNV may persist long term in the central nervous system or periphery in animals, the evidence in humans is controversial. WNV persistence would be of great concern in immunosuppressed patients or in those with prolonged or recurrent symptoms. Support for the contention that WNV can lead to autoimmune disease arises from reports of patients presenting with various neuromuscular diseases that presumably involve autoimmune mechanisms (GBS, other demyelinating neu¬ropathies, myasthenia gravis, brachial plexopathies, stiff-person syndrome, and delayed or recurrent symptoms. Although there is no specific treatment or vaccine currently approved in humans, and the standard remains supportive care, drugs that can alter the cascade of immunobiochemical events leading to neuronal death may be potentially useful (high-dose corticosteroids, interferon preparations, and intravenous immune globulin containing WNV-specific antibodies. Human experience with these agents seems promising based on anecdotal

  1. Acute neuromuscular weakness associated with dengue infection

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Harmanjit Singh Hira

    2012-01-01

    Full Text Available Background: Dengue infections may present with neurological complications. Whether these are due to neuromuscular disease or electrolyte imbalance is unclear. Materials and Methods: Eighty-eight patients of dengue fever required hospitalization during epidemic in year 2010. Twelve of them presented with acute neuromuscular weakness. We enrolled them for study. Diagnosis of dengue infection based on clinical profile of patients, positive serum IgM ELISA, NS1 antigen, and sero-typing. Complete hemogram, kidney and liver functions, serum electrolytes, and creatine phosphokinase (CPK were tested. In addition, two patients underwent nerve conduction velocity (NCV test and electromyography. Results: Twelve patients were included in the present study. Their age was between 18 and 34 years. Fever, myalgia, and motor weakness of limbs were most common presenting symptoms. Motor weakness developed on 2 nd to 4 th day of illness in 11 of 12 patients. In one patient, it developed on 10 th day of illness. Ten of 12 showed hypokalemia. One was of Guillain-Barré syndrome and other suffered from myositis; they underwent NCV and electromyography. Serum CPK and SGOT raised in 8 out of 12 patients. CPK of patient of myositis was 5098 IU. All of 12 patients had thrombocytopenia. WBC was in normal range. Dengue virus was isolated in three patients, and it was of serotype 1. CSF was normal in all. Within 24 hours, those with hypokalemia recovered by potassium correction. Conclusions: It was concluded that the dengue virus infection led to acute neuromuscular weakness because of hypokalemia, myositis, and Guillain-Barré syndrome. It was suggested to look for presence of hypokalemia in such patients.

  2. Efeito de um programa de treinamento da memória de trabalho em adultos idosos Effect of a working memory training program in older adults

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tânia Maria Netto

    2013-01-01

    Full Text Available Este estudo objetivou examinar os efeitos de um Treinamento da Memória de Trabalho (TMT em idosos saudáveis. Vinte participantes compuseram a amostra final, onze do grupo experimental (TMT e nove do controle (socialização. Todos foram submetidos a uma avaliação neuropsicológica pré e pós-intervenção. Os encontros foram realizados uma vez por semana, durante três meses. Houve melhora significativa, no grupo experimental, em atenção concentrada, aprendizagem, memória de curto prazo e episódica, e no grupo controle, em um menor número de variáveis, na atenção concentrada e memória episódica. O TMT parece ter promovido efeito de transferência, principalmente na memória episódica, que é relacionada diretamente aos subsistemas da memória de trabalho (MT, sugerindo que o TMT pode ser útil no contexto da neuropsicologia do envelhecimento.The present study examined the effects of a Working Memory Training (WMT in healthy elderly. Twenty participants comprised the final sample, eleven from the experimental group (WMT and nine from the control group (socialization. Every subject underwent a neuropsychological evaluation pre and post-intervention. The meetings were held once a week, for three months. Results indicated that subjects in the experimental group improved cognitive functions related to concentrated attention, learning, short-term and episodic memory. Subjects in the control group also demonstrated, in a smaller number of variables, improvement in concentrated attention and episodic memory. WMT seems to have generated a transfer effect, especially to episodic memory, which is directly related to the subsystem of working memory (WM, suggesting that WMT may be useful in the context of the neuropsychology of aging.

  3. Desarrollo neuromuscular en la atrofia muscular espinal

    OpenAIRE

    Martínez Hernàndez, Rebeca

    2012-01-01

    INTRODUCCIÓN: La atrofia muscular espinal (AME) es una enfermedad neuromuscular infantil caracterizada por la muerte de las neuronas motoras del asta anterior de la médula espinal. Como consecuencia de ello hay una degeneración y atrofia muscular, por lo que los pacientes mueren a menudo de insuficiencias respiratorias graves. La AME se clasifica en tres tipos principales según el grado de gravedad, la edad de aparición y las pautas motoras. Se trata de una enfermedad con patrón de herencia a...

  4. Modelos de simulação a eventos discretos como ambiente de treinamento em controle digital

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Amanda Arêas de Souza

    2012-11-01

    Full Text Available O treinamento prático é parte fundamental no processo de ensino-aprendizagem em controle digital. A utilização de simuladores em aulas de automação tem se destacado recentemente de modo eficaz neste contexto. O presente trabalho descreve então dois modelos de simulação construídos para demonstrar a possibilidade de utilização de softwares de simulação a eventos discretos como um ambiente de treinamento de lógicas de controle automático de processos industriais em tempo real. Foi realizada a integração de um modelo de simulação construído com o software Arena recebendo sinal de comando de um Controlador Lógico Programável (CLP. O ambiente virtual proposto, oriundo do modelo de simulação, possibilitou a realização de diferentes testes de lógicas de controle. Os resultados deste trabalho demonstraram a clara possibilidade de interatividade do estudante com um modelo de simulação discreta para o treinamento prático com sistemas de controle automatizados.

  5. Metabolismo de repouso de mulheres pós-menopausadas submetidas a programa de treinamento com pesos (hipertrofia Resting metabolism of post-menopause women submitted to a training program with weights (hypertrophy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mara Cléia Trevisan

    2007-04-01

    Full Text Available O estudo objetivou avaliar o gasto energético de repouso (GER de mulheres pós-menopausadas submetidas a programa de treinamento com pesos. Foram estudadas 30 mulheres (FSH > 40mIU/mL entre 45 e 70 anos, separadas em dois grupos (GT: treinamento, n = 15 e GC: controle, n = 15. Calculou-se o índice de massa corporal (kg/m² e por meio da impedância bioelétrica (BIA determinaram-se o percentual de gordura corporal e a massa muscular. O GER foi obtido por meio da calorimetria indireta (O2 e CO2 respiratórios e calculado pela equação de Weir. A mensuração ocorreu após 12 horas de jejum, durante 30 minutos sob temperatura e umidade controladas. O GT participou do programa de treinamento com pesos durante 16 semanas, na freqüência de três vezes por semana. Os dados analisados pelos testes t de Student, Mann-Whitney e ANOVA (p The study had as objective to evaluate the resting energy expenditure (REE of post-menopause women submitted to a training program with weights. Thirty women, age between 45 and 70 years (FSH > 40 mIUmL, separated in two groups (TG: training n = 15 and CG: control n = 15 were studied. The body mass index (kg/m² was calculated and the body fat percentage and the muscular mass were determined through bioelectric impedance (BIA. The REE was obtained through indirect calorimetry (respiratory O2 and CO2 and calculated by the Weir equation. The measurement occurred after 12 hours of fasting, during 30 minutes under controlled temperature and humidity. The TG participated of the training program with weights during 16 weeks, in the frequency of three times per week. The analyzed data by the t-Student, Mann-Whitney and ANOVA tests (p < 0.05 demonstrated that the TG had body mass increased in the 1.8 kg mean, muscular mass in 2.0 kg and the REE presented increase of 8.4% in relation to the CG. In conclusion, the training with weights increased muscular mass and REE. Therefore, this kind of exercise is recommended part of

  6. NEUROMUSCULAR AND CARDIOVASCULAR EFFECTS OF NEOSTIGMINE AND METHYL-ATROPINE ADMINISTERED AT DIFFERENT DEGREES OF ROCURONIUM-INDUCED NEUROMUSCULAR BLOCK

    NARCIS (Netherlands)

    VANDENBROEK, L; PROOST, JH; WIERDA, JMKH; NJOO, MD; HENNIS, PJ

    1994-01-01

    The neuromuscular and cardiovascular effects of neostigmine, 40 mug kg-1, and methyl-atropine, 7 mug kg-1, administered at different degrees of rocuronium-induced (600 mug kg-1) neuromuscular block were evaluated. In one group of patients spontaneous recovery was awaited (Group A; n = 20).

  7. Efeito do treinamento proprioceptivo em mulheres diabéticas Effect of proprioceptive training among diabetic women

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    AA Santos

    2008-06-01

    Full Text Available CONTEXTUALIZAÇÃO: O diabetes mellitus é uma doença comum na população idosa e representa um dos principais problemas de Saúde Pública em todo o mundo. Os indivíduos acometidos pelo diabetes mellitus apresentam predisposição a desenvolver neuropatias, que podem ser diagnosticadas pela detecção de pontos de maior pressão e sensibilidade tátil diminuída. OBJETIVO: Avaliar a amplitude da oscilação do centro de pressão na posição bipodal com olhos abertos e sensibilidade tátil plantar após 12 semanas de treinamento proprioceptivo. MATERIAIS E MÉTODOS: Foram recrutadas 13 voluntárias diabéticas, com idade média de 61,77 (±7,55 anos. A avaliação sensitiva e baropodométrica foi realizada antes e após seis e 12 semanas de intervenção fisioterapêutica. Esta foi aplicada duas vezes por semana e constou de um circuito composto por 13 estações com diferentes texturas. Os valores referentes à sensibilidade tátil foram submetidos ao teste de análise de variância de Friedman. Dados quanto à oscilação ântero-posterior (AP e médio-lateral (ML do centro de pressão foram analisados pelo teste rank de Wilcoxon. RESULTADOS: Em relação aos valores referentes à oscilação AP do centro de força, houve diferença significativa (p0,05 quanto à oscilação ML entre os grupos ao longo do tempo. Os resultados também apontam melhora significativa (pBACKGROUND: Diabetes mellitus is a common disease among the elderly and represents one of the principal public health problems worldwide. Individuals who suffer from diabetes mellitus present a predisposition to develop neuropathies. These problems can be diagnosed by means of the detection of points with greater pressure and diminished tactile sensitivity. OBJECTIVE: To evaluate the center of pressure oscillatory amplitude in the bipedal position with eyes open and the plantar tactile sensitivity after 12 weeks of proprioceptive training. METHODS: Thirteen diabetic volunteers

  8. Core stability training methods Métodos de treinamento da estabilização central

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gabriel Felipe Pioli de Freitas

    2010-10-01

    Full Text Available With the need for the theoretical-empirical basis expansion of the core stability concept, already in progress in the therapeutic repertoire, mainly within the scope of Manual Therapy and Sports Physiotherapy, the demand of work that could bring, the methods of training for core stability was observed. As the low back pain affects or will affect 80% of people all over the world, this therapeutic method has shown effective results in several studies. In this article, several studies were collected from different databases (Scielo, Bireme, Cochrane as well as from our personal archive, in the period from 1987 to 2008. Despite the increase of this subject in Physiotherapy, there is a lack of randomized studies with controlled variables, which could enable exercises that are used empirically to be finally accepted scientifically. Therefore, core stability is an excellent therapeutic method used in several clinical situations, from beginning to the end of a treatment. However, more studies about the core stability training method are suggested. A necessidade de uma ampliação da base teórico-empírica do conceito de estabilização central, por ser uma realidade no arsenal terapêutico, principalmente no âmbito da Terapia Manual e Fisioterapia Desportiva, torna urgente a elaboração de um artigo que traga os métodos de treinamento da estabilização central. Como a lombalgia afeta ou afetará 80% das pessoas de todo o mundo, este método terapêutico mostrou-se eficaz em vários estudos. Para este artigo de revisão, foram utilizados artigos de 1987 a 2008, pesquisados em vários bancos de dados (Scielo, Bireme, Cochrane, além do acervo pessoal. Observou-se que apesar deste assunto estar em ascensão dentro da Fisioterapia, faltam estudos de base aleatória com variáveis controladas, para que mais exercícios usados empiricamente sejam finalmente aceitos cientificamente. Portanto, a estabilização central é um excelente método terap

  9. EFEITOS DO TREINAMENTO EM JOGOS REDUZIDOS COM INFERIORIDADE NUMÉRICA NO FUTEBOL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Victor Hugo de Siqueira Montalvão

    Full Text Available RESUMO Introdução: Os jogos reduzidos são altamente eficientes, pois permitem a simulação de movimentos que ocorrem durante uma partida e geram melhor resposta fisiológica, perceptiva e técnico-tática. Objetivo: Comparar os efeitos do treinamento de jogos reduzidos com inferioridade numérica 3 vs. 4 e 4 vs. 5 sobre a variação da frequência cardíaca, percepção subjetiva de esforço e teste de atenção concentrada em atletas de futebol. Métodos: A amostra foi composta por 10 indivíduos do sexo masculino, com idade entre 17 e 24 anos. Para análise da frequência cardíaca média e máxima durante os jogos com campo reduzido e o coletivo foram utilizados monitores de frequência cardíaca e, para determinar a percepção subjetiva de esforço, utilizou-se de uma adaptação da escala de Borg. Também foi usado o teste de atenção concentrada. Resultados: Os resultados demonstram que os métodos de treino apresentam diferenças no teste de atenção concentrada (p < 0,004. A frequência cardíaca média (p < 0,121, máxima (p < 0,404 e a percepção de esforço (p < 0,639 não apresentam diferenças entre os métodos de treinamento. Conclusão: Concluímos que os jogos reduzidos com inferioridade numérica melhoram os resultados do teste de atenção concentrada.

  10. Prevalence of complications in neuromuscular scoliosis surgery

    DEFF Research Database (Denmark)

    Sharma, Shallu; Wu, Chunsen; Andersen, Thomas

    2013-01-01

    PURPOSE: Our objectives were primarily to review the published literature on complications in neuromuscular scoliosis (NMS) surgery and secondarily, by means of a meta-analysis, to determine the overall pooled rates (PR) of various complications associated with NMS surgery. METHODS: PubMed and Em......PURPOSE: Our objectives were primarily to review the published literature on complications in neuromuscular scoliosis (NMS) surgery and secondarily, by means of a meta-analysis, to determine the overall pooled rates (PR) of various complications associated with NMS surgery. METHODS: Pub.......71 %) followed by implant complications (PR = 12.51 %), infections (PR = 10.91 %), neurological complications (PR = 3.01 %) and pseudoarthrosis (PR = 1.88 %). Revision, removal and extension of implant had highest PR (7.87 %) followed by malplacement of the pedicle screws (4.81 %). Rates of individual studies....... In regard to surgical complications affiliated with various surgical techniques in NMS, the level of evidence of published literature ranges between 2+ to 2-; the subsequent recommendations are level C. CONCLUSION: NMS patients have diverse and high complication rates after scoliosis surgery. High PRs...

  11. Neuromuscular imaging in inherited muscle diseases

    International Nuclear Information System (INIS)

    Wattjes, Mike P.; Kley, Rudolf A.; Fischer, Dirk

    2010-01-01

    Driven by increasing numbers of newly identified genetic defects and new insights into the field of inherited muscle diseases, neuromuscular imaging in general and magnetic resonance imaging (MRI) in particular are increasingly being used to characterise the severity and pattern of muscle involvement. Although muscle biopsy is still the gold standard for the establishment of the definitive diagnosis, muscular imaging is an important diagnostic tool for the detection and quantification of dystrophic changes during the clinical workup of patients with hereditary muscle diseases. MRI is frequently used to describe muscle involvement patterns, which aids in narrowing of the differential diagnosis and distinguishing between dystrophic and non-dystrophic diseases. Recent work has demonstrated the usefulness of muscle imaging for the detection of specific congenital myopathies, mainly for the identification of the underlying genetic defect in core and centronuclear myopathies. Muscle imaging demonstrates characteristic patterns, which can be helpful for the differentiation of individual limb girdle muscular dystrophies. The aim of this review is to give a comprehensive overview of current methods and applications as well as future perspectives in the field of neuromuscular imaging in inherited muscle diseases. We also provide diagnostic algorithms that might guide us through the differential diagnosis in hereditary myopathies. (orig.)

  12. Next generation sequencing in neuromuscular diseases

    Science.gov (United States)

    Efthymiou, S; Manole, A; Houlden, H

    2016-01-01

    Purpose of review Neuromuscular diseases are clinically and genetically heterogeneous and probably contains the greatest proportion of causative Mendelian defects than any other group of conditions. These disorders affect muscle and/or nerves with neonatal, childhood or adulthood onset, with significant disability and early mortality. Along with heterogeneity, unidentified and often very large genes, require complementary and comprehensive methods in routine molecular diagnosis. Inevitably this leads to increased diagnostic delays and challenges in the interpretation of genetic variants. Recent findings The application of next-generation sequencing, as a research and diagnostic strategy has made significant progress into solving many of these problems. The analysis of these data is by no means simple and the clinical input is essential to interpret results. Summary In this review, we describe using examples the recent advances in the genetic diagnosis of neuromuscular disorders, in research and clinical practice and the latest developments that are underway in NGS. We also discuss the latest collaborative initiatives such as the Genomics England genome sequencing project that combine rare disease clinical phenotyping with genomics, with the aim of defining the vast majority of rare disease genes in patients as well as modifying risks and pharmacogenomics factors. PMID:27588584

  13. Neuromuscular imaging in inherited muscle diseases

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Wattjes, Mike P. [VU University Medical Center, Department of Radiology, De Boelelaan 1117, HV, Amsterdam (Netherlands); Kley, Rudolf A. [Klinken Bergmannsheil, Ruhr-University, Department of Neurology, Neuromuscular Centre Ruhrgebiet, Bochum (Germany); Fischer, Dirk [University Hospital of Basel, Department of Neurology, Basel (Switzerland); University Children' s Hospital Basel, Department of Neuropaediatrics, Basel (Switzerland)

    2010-10-15

    Driven by increasing numbers of newly identified genetic defects and new insights into the field of inherited muscle diseases, neuromuscular imaging in general and magnetic resonance imaging (MRI) in particular are increasingly being used to characterise the severity and pattern of muscle involvement. Although muscle biopsy is still the gold standard for the establishment of the definitive diagnosis, muscular imaging is an important diagnostic tool for the detection and quantification of dystrophic changes during the clinical workup of patients with hereditary muscle diseases. MRI is frequently used to describe muscle involvement patterns, which aids in narrowing of the differential diagnosis and distinguishing between dystrophic and non-dystrophic diseases. Recent work has demonstrated the usefulness of muscle imaging for the detection of specific congenital myopathies, mainly for the identification of the underlying genetic defect in core and centronuclear myopathies. Muscle imaging demonstrates characteristic patterns, which can be helpful for the differentiation of individual limb girdle muscular dystrophies. The aim of this review is to give a comprehensive overview of current methods and applications as well as future perspectives in the field of neuromuscular imaging in inherited muscle diseases. We also provide diagnostic algorithms that might guide us through the differential diagnosis in hereditary myopathies. (orig.)

  14. Electrophysiological study in neuromuscular junction disorders

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ajith Cherian

    2013-01-01

    Full Text Available This review is on ultrastructure and subcellular physiology at normal and abnormal neuromuscular junctions. The clinical and electrophysiological findings in myasthenia gravis, Lambert-Eaton myasthenic syndrome (LEMS, congenital myasthenic syndromes, and botulinum intoxication are discussed. Single fiber electromyography (SFEMG helps to explain the basis of testing neuromuscular junction function by repetitive nerve stimulation (RNS. SFEMG requires skill and patience and its availability is limited to a few centers. For RNS supramaximal stimulation is essential and so is display of the whole waveform of each muscle response at maximum amplitude. The amplitudes of the negative phase of the first and fourth responses are measured from baseline to negative peak, and the percent change of the fourth response compared with the first represents the decrement or increment. A decrement greater than 10% is accepted as abnormal and smooth progression of response amplitude train and reproducibility form the crux. In suspected LEMS the effect of fast rates of stimulation should be determined after RNS response to slow rates of stimulation. Caution is required to avoid misinterpretation of potentiation and pseudofacilitation.

  15. Neuromuscular Dysfunction in Experimental Sepsis and Glutamine.

    Science.gov (United States)

    Çankayalı, İlkin; Boyacılar, Özden; Demirağ, Kubilay; Uyar, Mehmet; Moral, Ali Reşat

    2016-05-01

    Electrophysiological studies show that critical illness polyneuromyopathy appears in the early stage of sepsis before the manifestation of clinical findings. The metabolic response observed during sepsis causes glutamine to become a relative essential amino acid. We aimed to assess the changes in neuromuscular transmission in the early stage of sepsis after glutamine supplementation. Animal experimentation. Twenty male Sprague-Dawley rats were randomized into two groups. Rats in both groups were given normal feeding for one week. In the study group, 1 g/kg/day glutamine was added to normal feeding by feeding tube for one week. Cecal ligation and perforation (CLP) surgery was performed at the end of one week. Before and 24 hours after CLP, compound muscle action potentials were recorded from the gastrocnemius muscle. Latency measurements before and 24 hours after CLP were 0.68±0.05 ms and 0.80±0.09 ms in the control group and 0.69±0.07 ms and 0.73±0.07 ms in the study group (p<0.05). Since enteral glutamine prevented compound muscle action potentials (CMAP) latency prolongation in the early phase of sepsis, it was concluded that enteral glutamine replacement might be promising in the prevention of neuromuscular dysfunction in sepsis; however, further studies are required.

  16. Neuromuscular Dysfunction in Experimental Sepsis and Glutamine

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    İlkin Çankayalı

    2016-06-01

    Full Text Available Background: Electrophysiological studies show that critical illness polyneuromyopathy appears in the early stage of sepsis before the manifestation of clinical findings. The metabolic response observed during sepsis causes glutamine to become a relative essential amino acid. Aims: We aimed to assess the changes in neuromuscular transmission in the early stage of sepsis after glutamine supplementation. Study Design: Animal experimentation. Methods: Twenty male Sprague-Dawley rats were randomized into two groups. Rats in both groups were given normal feeding for one week. In the study group, 1 g/kg/day glutamine was added to normal feeding by feeding tube for one week. Cecal ligation and perforation (CLP surgery was performed at the end of one week. Before and 24 hours after CLP, compound muscle action potentials were recorded from the gastrocnemius muscle. Results: Latency measurements before and 24 hours after CLP were 0.68±0.05 ms and 0.80±0.09 ms in the control group and 0.69±0.07 ms and 0.73±0.07 ms in the study group (p<0.05. Conclusion: Since enteral glutamine prevented compound muscle action potentials (CMAP latency prolongation in the early phase of sepsis, it was concluded that enteral glutamine replacement might be promising in the prevention of neuromuscular dysfunction in sepsis; however, further studies are required.

  17. Functional and morphological changes in the quadriceps muscle induced by eccentric training after ACL reconstruction Alterações funcionais e morfológicas do quadríceps induzidas pelo treinamento excêntrico após reconstrução do LCA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jamilson S. Brasileiro

    2011-08-01

    Full Text Available OBJECTIVES: The purpose of this study was to investigate the contributions of functional and morphological factors in the recovery of the quadriceps muscle after anterior cruciate ligament (ACL reconstruction. METHODS: Nine subjects (31.3±5.8 years underwent eccentric exercise sessions twice a week for 12 weeks. Quadriceps muscle function was evaluated using an isokinetic dynamometer (isometric and eccentric peak torque and electromyography (RMS. Morphological changes were measured using magnetic resonance imaging. RESULTS: The initial evaluation showed a significant deficit in knee extensor torque in the involved limb and significant muscle atrophy along the length of the quadriceps. EMG activity was lower in all tested situations. Eccentric training significantly increased isokinetic torque (from 199±51 to 240±63, pOBJETIVOS: O propósito deste estudo foi avaliar as contribuições dos fatores funcionais e morfológicos na recuperação da força muscular do quadríceps femoral após reconstrução do Ligamento Cruzado Anterior (LCA. MÉTODOS: Nove indivíduos (31,3±5,8 anos foram treinados por meio de contrações excêntricas máximas, duas vezes por semana, durante 12 semanas. A função do quadríceps foi avaliada pela dinamometria isocinética (pico de torque isométrico e excêntrico e pela eletromiografia (EMG. As alterações morfológicas foram mensuradas por meio de ressonância magnética (RNM. Na avaliação inicial, observou-se significativo déficit no torque extensor do joelho do membro acometido, com hipotrofia muscular de todo o quadríceps e redução na atividade EMG, quando comparado ao membro não-acometido. RESULTADOS: O treinamento excêntrico produziu aumento no torque excêntrico a 30º/s (de 199±51 Nm para 240±63 Nm, p<0,05 e no volume muscular, sendo que maiores hipertrofias ocorreram na região proximal da coxa (de 169±27 para 189±25,8 cm², p<0,01. A atividade EMG do Vasto Medial (VM aumentou nas primeiras

  18. Nova técnica para treinamento em acessos vasculares guiados por ultrassom utilizando modelo de tecido animal New technique for ultrasound-guided vascular access training using an animal tissue model

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Robson Barbosa de Miranda

    2012-03-01

    Full Text Available A ultrassonografia Doppler deixou de ter seu uso apenas como método diagnóstico e vem galgando espaço nos procedimentos terapêuticos. Com maior aplicabilidade e uso de cateteres venosos centrais e procedimentos guiados por ultrassom, há preocupação com a melhora da eficácia e segurança durante o procedimento, assim como com a diminuição das potenciais complicações. Para isso, o treinamento da técnica em modelos (phantoms é desejável. Os modelos industrializados para treinamento em acesso vascular guiado por ultrassom são caros e não reproduzem adequadamente a ecotextura e a densidade dos tecidos humanos. Na tentativa de treinar e aprimorar os profissionais para o uso do ultrassom em procedimentos de acessos vasculares, desenvolveu-se um modelo animal de baixo custo, fácil confecção e excelente aplicabilidade.Duplex ultrasonography has not been used only as a noninvasive diagnostic method. Recently it has been applied for therapeutic procedures. Due to the increasing use and applicability of central venous catheters and eco-guided vascular procedures, there are concerns about improving results regarding accuracy and safety, reducing complication rates during those procedures. It would be desirable that training was accomplished using phantoms before actual procedures in human subjects. Industrialized phantoms are expensive and they do not reproduce human's ecographic density and texture. In order to train and improve ultrasound guided vascular access, we have developed a cheap animal tissue model, which is of easy preparation and applicability.

  19. Efeitos do treinamento aeróbio sobre a capacidade muscular e funcional em pacientes com diabetes mellitus tipo 2 = Effects of aerobic training on muscle and functional capacity in patients with type 2 diabetes mellitus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sfalcin, Janaína Lis

    2014-01-01

    Full Text Available Introdução: A diabetes mellitus leva a redução da capacidade aeróbia, assim como a diminuição de força muscular respiratória. Objetivo: Avaliar o impacto do treinamento aeróbio (TA sobre a força muscular respiratória (FMR avaliado pela pressão inspiratória (PImáx e expiratória (PEmáx máximas, expansibilidade torácica (ExT, capacidade funcional submáxima pelo teste de caminhada de seis minutos (TC6min, resistência muscular localizada (RML dos membros inferiores e flexibilidade em indivíduos com diabetes mellitus tipo 2 (DM2. Materiais e Métodos: Ensaio prospectivo, não randomizado com 27 indivíduos com DM2, os quais foram divididos em grupo treinamento aeróbio (G1 e grupo controle (G2 e avaliada pré e pós intervenção a FMR, a ExT, TC6min, RML dos membros inferiores e flexibilidade. O TA durou 8 semanas, três vezes semanais de 60 minutos cada. A prescrição do TA foi realizada a 60 a 70% da frequência cardíaca máxima monitorado pela escala analógica de Borg. Resultados: Ocorreu aumento da FMR, 49% da PImáx e PEmáx, do TC6min, da RML e flexibilidade no grupo G1. Conclusão: O TA foi efetivo na melhora da força muscular respiratória e capacidade funcional em pacientes com DM2

  20. Ensino de massoterapia: habilidades envolvidas na relação fisioterapeuta-paciente

    OpenAIRE

    Campos,Beatriz Calil Padis; Campos,Terezinha Calil Padis; Tanaka,Clarice; Caromano,Fátima Aparecida

    2009-01-01

    Desenvolvido no âmbito da disciplina Recursos Terapêuticos Manuais, o objetivo deste trabalho foi elaborar, aplicar e avaliar a eficácia de um programa de treinamento de habilidades profissionalizantes em sessão de massoterapia, com foco na relação fisioterapeuta-paciente, sem descuidar do autocuidado do terapeuta. Para elaboração do programa, foram identificadas 21 habilidades envolvidas nessa relação, com base na literatura e na observação de 120 sessões de massoterapia. Dez peritos validar...

  1. Mechanisms of hydrogen sulfide (H2S) action on synaptic transmission at the mouse neuromuscular junction.

    Science.gov (United States)

    Gerasimova, E; Lebedeva, J; Yakovlev, A; Zefirov, A; Giniatullin, R; Sitdikova, G

    2015-09-10

    Hydrogen sulfide (H2S) is a widespread gasotransmitter also known as a powerful neuroprotective agent in the central nervous system. However, the action of H2S in peripheral synapses is much less studied. In the current project we studied the modulatory effects of the H2S donor sodium hydrosulfide (NaHS) on synaptic transmission in the mouse neuromuscular junction using microelectrode technique. Using focal recordings of presynaptic response and evoked transmitter release we have shown that NaHS (300 μM) increased evoked end-plate currents (EPCs) without changes of presynaptic waveforms which indicated the absence of NaHS effects on sodium and potassium currents of motor nerve endings. Using intracellular recordings it was shown that NaHS increased the frequency of miniature end-plate potentials (MEPPs) without changing their amplitudes indicating a pure presynaptic effect. Furthermore, NaHS increased the amplitude of end-plate potentials (EPPs) without influencing the resting membrane potential of muscle fibers. L-cysteine, a substrate of H2S synthesis induced, similar to NaHS, an increase of EPC amplitudes whereas inhibitors of H2S synthesis (β-cyano-L-alanine and aminooxyacetic acid) had the opposite effect. Inhibition of adenylate cyclase using MDL 12,330A hydrochloride (MDL 12,330A) or elevation of cAMP level with 8-(4-chlorophenylthio)-adenosine 3',5'-cyclic monophosphate (pCPT-cAMP) completely prevented the facilitatory action of NaHS indicating involvement of the cAMP signaling cascade. The facilitatory effect of NaHS was significantly diminished when intracellular calcium (Ca(2+)) was buffered by 1,2-bis(2-aminophenoxy)ethane-N,N,N',N'-tetraacetic acid tetrakis acetoxymethyl ester (BAPTA-AM) and ethylene glycol-bis(2-aminoethylether)-N,N,N',N'-tetraacetic acid acetoxymethyl ester (EGTA-AM). Activation of ryanodine receptors by caffeine or ryanodine increased acetylcholine release and prevented further action of NaHS on transmitter release, likely due to

  2. Neuromuscular electrical stimulation for the prevention of venous thromboembolism.

    Science.gov (United States)

    Ravikumar, Raveena; Williams, Katherine J; Babber, Adarsh; Moore, Hayley M; Lane, Tristan Ra; Shalhoub, Joseph; Davies, Alun H

    2017-01-01

    Objective Venous thromboembolism, encompassing deep vein thrombosis and pulmonary embolism, is a significant cause of morbidity and mortality, affecting one in 1000 adults per year. Neuromuscular electrical stimulation is the transcutaneous application of electrical impulses to elicit muscle contraction, preventing venous stasis. This review aims to investigate the evidence underlying the use of neuromuscular electrical stimulation in thromboprophylaxis. Methods The Medline and Embase databases were systematically searched, adhering to PRISMA guidelines, for articles relating to electrical stimulation and thromboprophylaxis. Articles were screened according to a priori inclusion and exclusion criteria. Results The search strategy identified 10 randomised controlled trials, which were used in three separate meta-analyses: five trials compared neuromuscular electrical stimulation to control, favouring neuromuscular electrical stimulation (odds ratio of deep vein thrombosis 0.29, 95% confidence interval 0.13-0.65; P = .003); three trials compared neuromuscular electrical stimulation to heparin, favouring heparin (odds ratio of deep vein thrombosis 2.00, 95% confidence interval 1.13-3.52; P = .02); three trials compared neuromuscular electrical stimulation as an adjunct to heparin versus heparin only, demonstrating no significant difference (odds ratio of deep vein thrombosis 0.33, 95% confidence interval 0.10-1.14; P = .08). Conclusion Neuromuscular electrical stimulation significantly reduces the risk of deep vein thrombosis compared to no prophylaxis. It is inferior to heparin in preventing deep vein thrombosis and there is no evidence for its use as an adjunct to heparin.

  3. Surgical advances in the treatment of neuromuscular scoliosis.

    Science.gov (United States)

    Canavese, Federico; Rousset, Marie; Le Gledic, Benoit; Samba, Antoine; Dimeglio, Alain

    2014-04-18

    Neuromuscular disorders are a group of diseases affecting the neuro-musculo-skeletal system. Children with neuromuscular disorders frequently develop progressive spinal deformities with cardio-respiratory compromise in the most severe cases. The incidence of neuromuscular scoliosis is variable, inversely correlated with ambulatory abilities and with a reported risk ranging from 80% to 100% in non-ambulatory patients. As surgical and peri-operative techniques have improved, more severely affected children with complex neuromuscular deformities and considerable co-morbidities are now believed to be candidates for extensive surgery for spinal deformity. This article aimed to provide a comprehensive review of how neuromuscular spinal deformities can affect normal spine balance and how these deformities can be treated with segmental instrumentation and sub-laminar devices. Older concepts have been integrated with newer scientific data to provide the reader with a basis for better understanding of how treatment of neuromuscular scoliosis has evolved over the past few decades. Recent advances, as well as challenges that remain to be overcome, in the surgical treatment of neuromuscular curves with sub-laminar devices and in the management of post-operative infections are outlined.

  4. Adequabilidade dos principais modelos de periodização do treinamento esportivo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Estélio Henrique Martin Dantas

    2011-06-01

    Full Text Available O estudo identificou, sob o prisma da adequabilidade, qual o melhor modelo de periodização do treinamento esportivo (PTE. Foram considerados dois indicadores: a estrutura da periodização e a forma de modulação da carga. Foi utilizada a metanálise como ferramenta metodológica. 103 citações foram levantadas numa pesquisa sistemática, em bases de dados. A avaliação pelos critérios estabelecidos indicou cinco modelos de PTE passíveis de estudo. A análise estatística, empregando o tamanho efeito (TE, gerou um Índice de Adequabilidade (IADEQ e a classificação dos modelos em: Muito Bom - Matveev (IADEQ = 3,44; TE = 1,13; Bom - Verkhoshansky (IADEQ = 2,88; TE = 0,57, Bompa (IADEQ = 2,66; TE = 0,34 e Regular - ATR (IADEQ = 1,96; TE = -0,37, Forteza (IADEQ = 2,25; TE = -0,07.

  5. Analysis of Caribbean ciguatoxin-1 effects on frog myelinated axons and the neuromuscular junction.

    Science.gov (United States)

    Mattei, César; Marquais, Michel; Schlumberger, Sébastien; Molgó, Jordi; Vernoux, Jean-Paul; Lewis, Richard J; Benoit, Evelyne

    2010-10-01

    Caribbean ciguatoxin-1 (C-CTX-1) induced, after about 1h exposure, muscle membrane depolarisation and repetitive post-synaptic action potentials (APs) in frog neuromuscular preparations. This depolarising effect was also observed in a Ca(2+)-free medium with a strong enhancement of spontaneous quantal transmitter release, compared with control conditions. The ciguatoxin-induced increase in release could be accelerated when Ca(2+) was present in the extracellular medium. C-CTX-1 also enhanced nerve-evoked quantal acetylcholine (ACh) release. At normal neuromuscular junctions loaded with the fluorescent dye FM1-43, C-CTX-1 induced swelling of nerve terminals, an effect that was reversed by hyperosmotic d-mannitol. In myelinated axons, C-CTX-1 increased nodal membrane excitability, inducing spontaneous and repetitive APs. Also, the toxin enlarged the repolarising phase of APs in control and tetraethylammonium-treated axons. Overall, our data suggest that C-CTX-1 affects nerve excitability and neurotransmitter release at nerve terminals. We conclude that C-CTX-1-induced up-regulation of Na(+) channels and the inhibition of K(+) channels, at low nanomolar concentrations, produce a variety of functional dysfunctions that are in part responsible for the human muscle skeletal symptoms observed in ciguatera. All these dysfunctions seem to result from the subtle balance between ionic currents, intracellular Na(+) and Ca(2+) concentrations, and engaged second messengers. Copyright 2009 Elsevier Ltd. All rights reserved.

  6. Effects of sugammadex on incidence of postoperative residual neuromuscular blockade

    DEFF Research Database (Denmark)

    Brueckmann, B; Sasaki, N; Grobara, P

    2015-01-01

    BACKGROUND: This study aimed to investigate whether reversal of rocuronium-induced neuromuscular blockade with sugammadex reduced the incidence of residual blockade and facilitated operating room discharge readiness. METHODS: Adult patients undergoing abdominal surgery received rocuronium, followed...... by randomized allocation to sugammadex (2 or 4 mg kg(-1)) or usual care (neostigmine/glycopyrrolate, dosing per usual care practice) for reversal of neuromuscular blockade. Timing of reversal agent administration was based on the providers' clinical judgement. Primary endpoint was the presence of residual...... neuromuscular blockade at PACU admission, defined as a train-of-four (TOF) ratio

  7. Neuromuscular hamartoma: imaging features of a rare paediatric craniofacial tumour

    International Nuclear Information System (INIS)

    Oeppen, Rachel S.; Harden, Stephen P.; Argent, Julie D.

    2003-01-01

    Neuromuscular hamartoma (also referred to as neuromuscular choristoma or benign triton tumour) has not previously been described in the radiological literature. It is a rare benign lesion composed of mature elements of striated muscle and neural tissue. We report a case of neuromuscular hamartoma involving the skull base, nasopharynx, orbit and maxilla in a 2.5-year-old child who presented with facial swelling. The CT and MRI appearances of this unusual soft-tissue tumour are emphasized, together with a discussion of the pathological findings, differential diagnosis and review of the literature. (orig.)

  8. Effect of respiratory muscle training in patients undergoing cholecystectomy Efeito do treinamento muscular respiratório em pacientes submetidos à colecistectomia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudiane Pedro Rodrigues

    2010-12-01

    Full Text Available The upper abdominal surgeries such as cholecystectomy, tend to evolve postoperatively with restrictive ventilatory disorders. The aim of this study was to evaluate the evolution of inspiratory muscle strength after training the respiratory muscles through the use of linear load device with pressure in patients undergoing conventional cholecystectomy. We studied 10 female patients with indication for cholecystectomy who underwent assessment of inspiratory muscle strength by means of the Maximal Inspiratory Pressure (MIP. Of these, six were evaluated preoperatively and postoperatively (G1 - group 1 and conducted Respiratory Muscle Training (RMT using the Theshold ® (twice a day on the 1st and 2nd postoperative day using 40% MIP and four patients were observed in the post-surgery as a control group (G2 - group 2. The results indicate that despite the decrease in MIP postoperatively, there was recovery of inspiratory muscle strength on the first day of RMT, from 36.7 ± 13.7 cmH2O to 48.0 ± 13.7 cmH2O, and this increase was statistically significant (p As cirurgias abdominais altas, como as colecistectomias, tendem a evoluir no pós operatório com distúrbios ventilatórios restritivos. O objetivo deste trabalho foi avaliar a evolução da força muscular inspiratória após o treinamento da musculatura respiratória, por meio do uso de aparelho com carga linear pressórica em pacientes submetidos à colecistectomia convencional. Foram estudados 10 pacientes do sexo feminino, com indicação de colecistectomia, e elas realizaram avaliação da força muscular inspiratória através da medida da Pressão Inspiratória Máxima (PImáx. Deles, seis foram avaliados no pré e pós-operatório (G1 – grupo 1 e realizaram o Treinamento Muscular Respiratório (TMR com uso do Theshold® (2 vezes ao dia no 1º e no 2º pós-operatório utilizando 40% da PImáx, e quatro pacientes foram acompanhados no pós-operátorio como grupo controle (G2 – grupo 2

  9. Modelo experimental para treinamento com dispositivo de assistência ventricular pulsátil Experimental ventricular assist device to maintain cardiocirculatory conditions

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maurício Galantier

    1995-09-01

    Full Text Available Os dispositivos de Assistência Ventricular (D A V têm sido utilizados para permitir a manutenção de condições cardiocirculatórias em dois tipos de situações: 1- Como ponte para transplante cardíaco em paciente candidato e que, na espera de doador apropriado, tem suas condições cardiocirculatórias muito deterioradas. 2- Como suporte circulatório em situações agudas em que se prevê uma possível recuperação funcional do coração, como em miocardites agudas, miocardiopatia puerperal, falência miocárdica pós cardiotomia, rejeição aguda pós transplante cardíaco etc. Entre os vários dispositivos utilizados, o modelo descrito por Pierce-Donachy, desenvolvido pela Thoratec Laboratories Corporation, consiste em aparelho de fluxo pulsátil, pneumático, externo, podendo ser usado como suporte uni ou biventricular. O ventrículo artificial é acionado por um módulo que permite vários ajustes manuais ou mesmo automáticos para melhor adequação às diferentes condições clínicas do paciente. O treinamento para utilização do dispositivo implica na integração de vários setores, como cirurgiões, intensivistas, enfermeiras, biomédicos e eletrotécnicos, necessitando laboratório especializado, com o uso de animais de maior porte, de custo elevado e manuseio complicado, dificultando a repetição freqüente dos experimentos. Os autores desenvolveram um modelo experimental, constituído por um coração bovino conectado pelo átrio esquerdo e pela aorta a um circuito de circulação extracorpórea. Através de técnica cirúrgica padronizada, são instaladas as cânulas apropriadas; as mesmas são conectadas ao ventrículo artificial e este ao módulo de acionamento. Com este modelo podese, de maneira simples, didática e reprodutível, efetuar o treinamento de aspectos técnicos de implante, manuseio de módulo de acionamento e simulação de situações clínicas e emergenciaisThe Ventricular Assist Devices (V A D have

  10. Computed tomography of muscles in neuromuscular disease

    International Nuclear Information System (INIS)

    Serratrice, G.

    1986-01-01

    137 patients with neuromuscular diseases were studied by CT scan. Four levels were chosen: mid-calf, mid-thigh, pelvic girdle, and spinal muscles. The scans were compared with normal control scans taken from the same sites. The patients were divided into those with myogenic diseases and those with neurogenic diseases. Of the 102 patients with myogenic changes, 17 had X-linked dystrophy, 13 had facio-scapulo-humeral dystrophy, 22 had limb girdle dystrophy, 19 had myotonic dystrophy, 14 had inflammatory muscle diseases, and 17 had miscellaneous muscular diseases. Of the 35 patients with neurogenic changes, 8 had amyotrophic lateral sclerosis (ALS), 16 had chronic spinal amyotrophies, 9 had peripheral neuropathies, and 2 had Friedreich's disease. The analysis of muscles changes (volume, outline, density) was established on the following muscles: tibialis anterior, peroneus, soleus, gastrocnemius mediale, gastrocnemius laterale, quadriceps, semitendinosus, semimembranosus, sartorius, adductor, gracilis, gluteus, spine extensors, and psoas

  11. Cafeína e desempenho anaeróbio

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabrizio Caputo

    2012-08-01

    Full Text Available DOI: http://dx.doi.org/10.5007/1980-0037.2012v14n5p602 O efeito ergogênico da cafeína em exercícios anaeróbios permanece controverso, parecendo ser dependente da duração do exercício, protocolo utilizado e do estado de treinamento dos sujeitos estudados. Assim, esta revisão surge na tentativa de analisar as pesquisas que investigaram o efeito da cafeína no desempenho de exercícios predominan­temente anaeróbios e principalmente, discutir a respeito dos diferentes métodos utilizados, objetivando verificar de que forma isto pode explicar os resultados controversos, além de apresentar os possíveis mecanismos de ação da cafeína. Em simples esforços anaeróbios com duração inferior a 30 segundos, a cafeína parece exercer influência no desempenho apenas em atletas, no entanto, mais estudos precisam ser feitos nesta população. Já em exercícios um pouco mais extensos (de 60 até 180 segundos, a cafeína parece melhorar o desempenho independentemente do estado de treinamento. O mecanismo de ação ainda não está claro, entretanto, existem evidências que a ação da cafeína é multifatorial, visto que esta substância altera características centrais e periféricas. Dentre as principais características, a cafeína atua como receptor antagônico de adenosina, aumentando a excitabilidade do sistema nervoso central e alterando a percepção de esforço e de dor, além disso, diminui a sensibilidade do retículo sarcoplasmático na liberação do cálcio. Novas pesquisas que investiguem o papel da cafeína em exercícios anaeróbios devem ser realizadas, utilizando amostras de indivíduos adaptados ao treinamento anaeróbio, bem como protocolos semelhantes ao de esportes cíclicos a fim de esclarecer os resultados contraditórios.

  12. AVALIAÇÃO DOS PROGRAMAS DE TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO DE UMA REDE DE SUPERMERCADOS DO MUNICÍPIO DE CAMPOS DOS GOYTACAZES – RJ

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ítala Policani dos Santos

    2013-10-01

    Full Text Available O presente estudo tem por objetivo avaliar se os programas de Treinamento e Desenvolvimento (T&D de uma Rede de Supermercados de Campos dos Goytacazes / RJ têm sido realizados de forma eficaz e se têm agregado valor à empresa. Foi realizado um estudo de caso por meio de entrevistas abertas com a Supervisora de T&D da Rede, entrevistas semiestruturadas com os gerentes de loja e questionários distribuídos aos colaboradores de nível operacional. O estudo demonstrou que na etapa “avaliação dos resultados” não há um padrão a seguir e mesmo tendo condições de analisar os diversos indicadores existentes, nem todos os gerentes o fazem. O estudo também demonstrou que os programas de T&D estão alinhados à estratégia empresarial e têm contribuído para o alcance do macro objetivo da Rede, que é tornarse referência como o melhor grupo atacadista e varejista do Estado do Rio de Janeiro. Demonstrou ainda que os programas de T&D têm agregado valor à Rede de Supermercados X de diversas formas e são considerados um diferencial competitivo da empresa. As respostas positivas dos questionários demonstraram que os programas de T&D da Rede têm alcançado resultados satisfatórios, agregando valor para a empresa e para os colaboradores e sendo uma vantagem competitiva para a organização.

  13. Treinamento isocinético de curto prazo promove aumento da força muscular em indivíduos jovens Short-term isokinetic training increases muscle strength in young subjects

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael Cunha

    2011-03-01

    Full Text Available O objetivo foi avaliar os efeitos de treinamento isocinético de curta duração no desempenho muscular em indivíduos jovens. Onze homens sadios participaram de um programa de treinamento isocinético de curta duração, composto por 3 sessões (4 séries; 10 repetições isocinéticas concêntricas a 120º.s-1; 2 minutos de intervalo entre séries. A reprodutibilidade dos dados de 2 sessões foi avaliada pelo coeficiente de correlação intraclasses (CCI e teste de Bland e Altman. As avaliações do treinamento foram aplicadas pré e pós a 2ª e 3ª sessões (1 série; 3 repetições concêntricas de extensão do joelho a 60º.s-1, 120º.s-1 e 180º.s-1. Utilizou-se a ANOVA para medidas repetidas e post-hoc de Tukey para verificar diferenças nos testes. O CCI variou de 0,97 a 0,98 em todas as velocidades. Ocorreu um aumento no pico de torque a 60º.s-1 (P=0,03 e 120º.s-1 (P=0,01 após 2 sessões de treinamento. Sugere-se que duas sessões de exercício isocinético foram suficientes para induzir ganhos de força na velocidade treinada (120º.s-1 e em velocidade de contração mais lenta (60º.s-1, em indivíduos jovens.The aim was to investigate the effects of short-term isokinetic training on muscle performance in young individuals. Eleven healthy males subjects underwent to short-term training, consisting of 3 sessions (4 sets, 10 repetitions of concentric isokinetic exercise at 120º.s-1; 2-minute interval between sets. Data reproducibility from two sessions was evaluated by intraclass correlation coefficient (ICC and Bland and Altman test. Training assessments were made pre and post the 2nd and 3rd sessions (1 set, 3 repetitions of concentric knee extension at 60º.s-1, 120º.s-1 and 180º.s-1. An ANOVA for repeated measures and Tukey post-hoc test was applied to determine differences between tests. The ICC ranged from 0.97 to 0.98 for all velocities. There was an increase in peak torque at 60º.s-1 (P=0,03 and 120º.s-1 (P=0,01 after 2

  14. Deep neuromuscular blockade and low insufflation pressure during laparoscopic hysterectomy

    DEFF Research Database (Denmark)

    Madsen, Matias Vested; Istre, Olav; Springborg, Henrik Halvor

    2017-01-01

    INTRODUCTION: Establishment of sufficient muscle relaxation is essential in laparoscopic surgery. During laparoscopy, surgeons can experience abdominal contractions in their patients. Deep neuromuscular block (NMB) has the potential to prevent such episodes. In this study, we explored if deep NMB...

  15. The Role of AMPK in Neuromuscular Biology and Disease.

    Science.gov (United States)

    Dial, Athan G; Ng, Sean Y; Manta, Alexander; Ljubicic, Vladimir

    2018-03-20

    AMP-activated protein kinase (AMPK) is a primary regulator of cellular metabolism. Recent studies have revealed that AMPK also mediates the maintenance and plasticity of α-motoneurons, the neuromuscular junction, and skeletal muscle. Furthermore, AMPK stimulation by either genetic, pharmacological, or physiological approaches elicits beneficial phenotypic remodeling in neuromuscular disorders (NMDs). Here, we review the role of AMPK as a governor of neuromuscular biology, and present evidence for AMPK as an effective molecular target for therapeutic pursuit in the context of the most prevalent NMDs, including Duchenne muscular dystrophy, spinal muscular atrophy, and myotonic dystrophy type 1. This information may be useful for engineering AMPK-targeted pharmacological- or lifestyle-based strategies to treat disorders of the neuromuscular system. Copyright © 2018 Elsevier Ltd. All rights reserved.

  16. The role of proprioception and neuromuscular stability in carpal instabilities.

    Science.gov (United States)

    Hagert, E; Lluch, A; Rein, S

    2016-01-01

    Carpal stability has traditionally been defined as dependent on the articular congruity of joint surfaces, the static stability maintained by intact ligaments, and the dynamic stability caused by muscle contractions resulting in a compression of joint surfaces. In the past decade, a fourth factor in carpal stability has been proposed, involving the neuromuscular and proprioceptive control of joints. The proprioception of the wrist originates from afferent signals elicited by sensory end organs (mechanoreceptors) in ligaments and joint capsules that elicit spinal reflexes for immediate joint stability, as well as higher order neuromuscular influx to the cerebellum and sensorimotor cortices for planning and executing joint control. The aim of this review is to provide an understanding of the role of proprioception and neuromuscular control in carpal instabilities by delineating the sensory innervation and the neuromuscular control of the carpus, as well as descriptions of clinical applications of proprioception in carpal instabilities. © The Author(s) 2015.

  17. Genetics of Pediatric-Onset Motor Neuron and Neuromuscular Diseases

    Science.gov (United States)

    2015-08-24

    Spinal Muscular Atrophy; Charcot-Marie-Tooth Disease; Muscular Dystrophy; Spinal Muscular Atrophy With Respiratory Distress 1; Amyotrophic Lateral Sclerosis; Motor Neuron Disease; Neuromuscular Disease; Peroneal Muscular Atrophy; Fragile X Syndrome

  18. Neuromuscular function during a forward lunge in meniscectomized patients

    DEFF Research Database (Denmark)

    Thorlund, Jonas Bloch; Damgaard, Jacob; Roos, Ewa M.

    2012-01-01

    This study aimed to investigate differences in knee joint kinematics, ground reaction force kinetics and neuromuscular activity including muscle coactivation, and medial versus lateral muscle activity during a forward lunge between the operated and contralateral legs of meniscectomized patients...

  19. Exploring employment in consultation reports of patients with neuromuscular diseases

    NARCIS (Netherlands)

    Minis, M.A.H; Cup, E.H.C.; Heerkens, Y.H.; Engels, J.A.; Engelen, B.G.M. van; Oostendorp, R.A.B.

    2012-01-01

    Minis MA, Cup EH, Heerkens YF, Engels JA, van Engelen BG, Oostendorp RA. Exploring employment in consultation reports of patients with neuromuscular diseases. OBJECTIVES: To explore consultation reports for patient and employment characteristics and recommendations on employment regarding patients

  20. [Neuromuscular relaxation and CCMDP. The Zilgrei and Feldenkrais methods 2].

    Science.gov (United States)

    Santoro, F; Maiorana, C; Faccin, C

    1989-10-31

    The Authors show two neuromuscular release methods employed in the treatment of cranio-cervico-mandibular syndrome; these methods work at the place of origin of the pathology resolving the symptoms in different districts of the body.

  1. Redução da pressão arterial, da IMC e da glicose após treinamento aeróbico em idosas com diabete tipo 2 Decrease in blood pressure, body mass index and glycemia after aerobic training in elderly women with type 2 diabetes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Zaranza Monteiro

    2010-10-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: O processo de envelhecimento associa-se ao desenvolvimento de várias doenças, que podem ser amenizadas pela prática de atividades físicas. O treinamento aeróbico é um meio efetivo para manter e melhorar as funções cardiovasculares. Além disso, desempenha um papel fundamental na prevenção e tratamento de diversas doenças crônico-degenerativas, em especial o diabete melito. OBJETIVO: Verificar os efeitos de 13 semanas de treinamento aeróbico sobre a pressão arterial, o índice de massa corpórea e a glicemia em idosas com diabete tipo 2. MÉTODOS: Onze mulheres idosas diabéticas (61,0 ± 9,1 anos de idade, sedentárias, realizaram 13 semanas de treinamento aeróbico, compondo o grupo G2. Onze idosas (60,2 ± 6,8 anos de idade controladas não realizaram exercícios físicos durante a pesquisa, constituindo o grupo-controle (G1. O grupo G1 foi submetido somente a orientações educativas uma vez na semana, e o grupo G2, a caminhadas três vezes na semana. RESULTADOS: Houve redução significativa da glicemia e da pressão arterial diastólica nos dois grupos. Não foram encontradas reduções significativas no IMC após o treinamento aeróbico em ambos os grupos. CONCLUSÃO: Treze semanas de treinamento aeróbico foi suficiente para promover reduções significativas na pressão arterial diastólica e glicemia, portanto, esse tipo de exercício reduz os fatores de risco para doenças cardiovasculares e metabólicas.BACKGROUND: The aging process is associated with the development of several diseases, which can be attenuated by the practice of physical activities. Aerobic training is an effective method to maintain and improve cardiovascular function. Additionally, it has a crucial role in the prevention and treatment of several chronic-degenerative diseases, especially diabetes mellitus. }OBJECTIVE: To verify the effect of a 13-week aerobic training program on blood pressure (BP, body mass index (BMI and glycemia levels

  2. INFLUÊNCIA DO TREINAMENTO FUNCIONAL NA DISPNEIA, CAPACIDADE FUNCIONAL E QUALIDADE DE VIDA EM PACIENTES COM DPOC

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hellen Rodrigues Teixeira Silva Daameche

    2016-06-01

    Full Text Available Objective: To review the literature on the influence of physical training on dyspnea, functional capacity and quality of life of patients with COPD. Methods: We conducted literature in Scielo databases, Lilacs and Google Scholar using the terms: COPD, quality of life, physical training, dyspnoea and functional capacity. Three books available at the College of Higher Education Catalão were also used Discussion: Scientific evidence found in the survey showed that among different therapeutic modalities for patients with COPD, exercise is a behavior that has been proven effective in treating these individuals, since it generates several benefits that result in improving the quality of life of the . Conclusion: Physical training is effective in rehabilitation of patients with COPD, acting in improving peripheral muscle strength, decreased dyspnea and muscle fatigue, increased exercise tolerance, improvement in functional capacity and quality of life of these individuals.

  3. INFLUÊNCIA DO TREINAMENTO AMBIENTAL NA CONSCIÊNCIA AMBIENTAL DE PROFISSIONAIS DA ÁREA DE RECURSOS HUMANOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thais Accioly Baccaro

    2015-08-01

    Full Text Available Actualmente, muchas organizaciones trabajan para minimizar y contribuir para resolver los problemasambientales. En esa dirección, el área de recursos humanos emerge como facilitadora de la implantación deprácticas y políticas ambientales en las empresas, principalmente por la utilización de los programas deentrenamiento. Esta investigación tiene como objetivo analizar la influencia del entrenamiento ambiental enla conciencia ambiental de los profesionales de recursos humanos. Con un abordaje cuantitativodescriptivo, se aplicó un cuestionario, ya validado, a 73 profesionales de recursos humanos de la región deLondrina-PR. El análisis de datos involucró la estadística descriptiva y el teste sin parámetros χ 2 dePearson. Los resultados señalaron la relación entre el entrenamiento ambiental y la conciencia ambientalde los profesionales de recursos humanos investigados: de hecho, los que recibieron algún tipo deentrenamiento ambiental presentaron un nivel de conciencia ambiental mayor que los que no recibieronningún entrenamiento en esa área.

  4. EFEITO DA INGESTÃO DE CAFEÍNA SOBRE O DESEMPENHO NO TREINAMENTO DE FORÇA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vitor Loureiro da Silva

    2014-02-01

    Full Text Available Caffeine – 1,3,7 trimetilxanthine – is one of the most widely used as a ergogenic aid in sports scenario, with multiple actions on body, either central as peripheral. A great number of studies evaluated the effects of caffeine ingestion on endurance performance, with predominance of aerobic metabolism. However, data in scientific literature about the impact of caffeine ingestion on high intensity and short duration activities are scarce and equivocal. This study comprises a systematic review on effects of caffeine intake upon strength training, discussing relevant aspects concerning its possible application to optimize strength-related sports performance and putative mechanisms of action. Articles were selected from Medline database, with the follow inclusion criteria: experimental studies (with control and experimental groups; double blind design; acute caffeine ingestion in a known dosage; utilization of dynamic strength exercises. Caffeine dosage varied between studies in a range of 179 mg to 6/g/kg of body weight (which represents 420 g in a average adult. The analyzed studies often show ambiguous results, which may be due to methodological issues. Some studies demonstrate a positive effect of caffeine ingestion on dynamic strength performance (1 repetition maximum strength and/or number of repetitions to failure. Data pointed to a possible action of caffeine on perceptual responses, such as the rated perceived effort, despite some investigation do not corroborate this finding. Although more studies are necessary to clarify the efficacy of caffeine ingestion on strength performance, this strategy proves to be safe and do not represent risk to individuals.

  5. EFEITO DA INGESTÃO DE CAFEÍNA SOBRE O DESEMPENHO NO TREINAMENTO DE FORÇA

    OpenAIRE

    Vitor Loureiro da Silva; Felipe Rosa Messias; Nelo Eidy Zanchi; Mário Alves de Siqueira-Filho; Lucas Guimarães-Ferreira

    2014-01-01

    Caffeine – 1,3,7 trimetilxanthine – is one of the most widely used as a ergogenic aid in sports scenario, with multiple actions on body, either central as peripheral. A great number of studies evaluated the effects of caffeine ingestion on endurance performance, with predominance of aerobic metabolism. However, data in scientific literature about the impact of caffeine ingestion on high intensity and short duration activities are scarce and equivocal. This study comprises a systematic review ...

  6. Neuromuscular fatigue and recovery profiles in individuals with intellectual disability

    OpenAIRE

    Borji , Rihab; Zghal , Firas; Zarrouk , Nidhal; Martin , Vincent; Sahli , Sonia; Rebai , Haithem

    2017-01-01

    International audience; Purpose: This study aimed to explore neuromuscular fatigue and recovery profiles in individuals with intellectual disability (ID) after exhausting submaximal contraction.Methods: Ten men with ID were compared to 10 men without ID. The evaluation of neuromuscular function consisted in brief (3 s) isometric maximal voluntary contraction (IMVC) of the knee extension superimposed with electrical nerve stimulation before, immediately after, and during 33 min after an exhaus...

  7. Practical approach to the patient with acute neuromuscular weakness.

    Science.gov (United States)

    Nayak, Rajeev

    2017-07-16

    Acute neuromuscular paralysis (ANMP) is a clinical syndrome characterized by rapid onset muscle weakness progressing to maximum severity within several days to weeks (less than 4 wk). Bulbar and respiratory muscle weakness may or may not be present. It is a common neurological emergency which requires immediate and careful investigations to determine the etiology because accurate diagnosis has significant impact on therapy and prognosis. Respiratory failure caused by neuromuscular weakness is considered as more critical than lung disease because its development may be insidious or subtle until sudden decompensation leads to life threatening hypoxia. Also, the arterial blood gas finding of severe hypoxemia, hypercapnia, and acidosis may not be apparent until respiratory failure is profound. Hence, the requirement for respiratory assistance should also be intensively and promptly investigated in all patients with neuromuscular disease. The disorder is classified based on the site of defect in motor unit pathway, i.e ., anterior horn cells, nerve root, peripheral nerve, neuromuscular junction or muscle. Identification of the cause is primarily based on a good medical history and detailed clinical examination supplemented with neurophysiologic investigations and sometimes few specific laboratory tests. Medical history and neurological examination should be focused on the onset, progression, pattern and severity of muscle weakness as well as cranial nerves testing and tests for autonomic dysfunction. Associated non neurological features like fever, rash or other skin lesions etc. should also be noted. Globally, Guillain-Barré syndrome is the most frequent cause of ANMP and accounts for the majority of cases of respiratory muscles weakness associated with neuromuscular disorders. Newly acquired neuromuscular weakness in intensive care unit patients consist of critical illness polyneuropathy, critical illness myopathy and drug induced neuromuscular weakness which may

  8. Formation of neuromuscular junctions in rat embryo cell cultures

    International Nuclear Information System (INIS)

    Koenig, Jeanine

    1978-01-01

    The morphological evidence of the primary nerve muscle contacts are described. They consist of areas of cholinesterase activity (detected histochemically) localized on the myotube membranes and of multiple clusters of ACh receptors whose 125 I-α-bungarotoxin binding sites are revealed by radioautography. After the stage of the primary nerve muscle contacts, some of which seem transient, characteristic neuromuscular junctions appear. These neuromuscular junctions which possess subneural infoldings are similar to the end-plates of the rat in vivo [fr

  9. Management of Cardiac Involvement in NeuroMuscular Diseases: Review

    OpenAIRE

    Bouhouch, Rachida; Elhouari, Tarik; Oukerraj, Latifa; Fellat, Ibtissam; Zarzur, Jamila; Bennani, Rajaa; Arharbi, Mhamed

    2008-01-01

    Neuromuscular Diseases are a heterogeneous molecular, clinical and prognosis group. Progress has been achieved in the understanding and classification of these diseases. Cardiac involvement in neuromuscular diseases namely conduction disorders, ventricular dilatation and dilated cardiomyopathy with its impact on prognosis, is often dissociated from the peripheral myopathy. Therefore, close surveillance is mandatory in the affected patients. In this context, preventive therapy (beta-blockers a...

  10. A dinâmica de alteração das medidas de força e o efeito posterior duradouro de treinamento em basquetebolistas submetidos ao sistema de treinamento em bloco La dinamica de la alteracion de las medidas de fuerza y el efecto posterior duradero del entrenamiento en basquetbolistas sometidos al sistema de entrenamiento en bloque Dynamics of the power measures alterations and the posterior long-lasting training effect on basketball players submitted to the block training system

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre Moreira

    2004-08-01

    Full Text Available O presente estudo objetivou examinar a dinâmica das alterações da força explosiva de salto vertical (SV, força explosiva de salto horizontal (SHP e da força rápida horizontal para a perna direita (STCD e para a perna esquerda (STCE nas distintas etapas da preparação em basquetebolistas adultos submetidos ao sistema de treinamento em bloco. O grupo estudado foi composto por 12 atletas participantes do campeonato paulista da divisão principal (A1. Oito realizaram o programa de forma integral e foram incluídos na análise. Os atletas submeteram-se a uma estrutura bicíclica de preparação (primeiro macrociclo com 23 semanas e o segundo macrociclo com 19 semanas. Na estruturação do modelo, o macrociclo de treinamento foi dividido em etapa básica (cargas concentradas de força, etapa especial e etapa de competição. A etapa básica teve a duração de oito semanas, no primeiro macrociclo de treinamento, e três semanas no segundo macrociclo. Os atletas foram avaliados em oito momentos distintos do ciclo anual, caracterizando uma investigação longitudinal. Os resultados demonstraram: 1 a eficácia do sistema de treinamento em bloco no basquetebol, evidenciada pela expressão pontual do efeito posterior duradouro de treinamento (EPDT, 2 que as cargas de competição exerceram diferentes efeitos para as SV e SHP e, ainda, 3 ocorrências diversas verificadas entre STCD e STCE, demonstrando a necessidade de avaliar e analisar minuciosamente os resultados dos diferentes testes de saltos quando utilizados como parâmetros de controle dos efeitos de treinamento.El presente estudio objetivó examinar la dinámica de las alteraciones de la fuerza explosiva del salto vertical (SV, fuerza explosiva del salto horizontal (SHP y de la fuerza rápida horizontal para la pierna derecha (STCD y para la pierna izquierda (STCE en las distintas etapas de la preparación en basquetbolistas adultos sometidos al sistema de entrenamiento en bloque. El grupo

  11. Ageing and neurotrophic signalling effects on diaphragm neuromuscular function

    Science.gov (United States)

    Greising, Sarah M; Ermilov, Leonid G; Sieck, Gary C; Mantilla, Carlos B

    2015-01-01

    The age-related mechanisms underlying sarcopenia are largely unknown. We hypothesize that age-related neuromuscular changes depend on brain-derived neurotrophic factor (BDNF) acting through the tropomyosin-related kinase receptor B (TrkB). Maximal specific force and neuromuscular transmission failure were assessed at 6, 18 and 24 months following control, BDNF or phosphoprotein phosphatase 1 derivative (1NMPP1) treatment in male TrkBF616A mice. Phosphoprotein phosphatase-1 derivatives such as 1NMPP1 inhibit TrkB kinase activity as a result of this single amino acid mutation in the ATP binding domain. Maximal twitch and isometric tetanic force were reduced at 24 months compared to 6 and 18 months (P Neuromuscular transmission failure significantly increased at 18 and 24 months compared to 6 months (age × treatment interaction: P Neuromuscular transmission was improved following BDNF at 6 and 18 months and was impaired only at 6 months following 1NMPP1 treatment. Age and inhibition of TrkB kinase activity had similar effects on neuromuscular transmission failure, supporting a critical role for BDNF/TrkB signalling on neuromuscular changes in ageing. These results suggest that an age-related loss of endogenous BDNF precedes reductions in TrkB kinase activity in the diaphragm muscle. PMID:25630263

  12. Capital social, capital humano e treinamento profissional: evidências para os egressos do PEQ 2000 no Estado de Pernambuco

    OpenAIRE

    FERNANDES, Flávio Cireno

    2003-01-01

    O presente trabalho discute os programas de treinamento profissional, com foco no PEQ - Programa Estadual de Qualificação , executado através das Secretarias Estaduais de Trabalho STB s, com recursos do PLANFOR/FAT em especial no estado de Pernambuco no ano de 2000. Dentro do seu escopo teórico, é dividido em três partes: teorias para o mercado de trabalho, com atenção especial para as teorias de capital humano, segmentação e discriminação, além de uma revisão sobre educaç...

  13. Contribuições das Comunidades de Prática para o Treinamento e Desenvolvimento de Pessoas

    OpenAIRE

    Priscila Bernardo Martins; Gisele Lima Fernandes; Jane Garcia Carvalho

    2017-01-01

    Resumo: Vivemos um período de intensas transformações e inovações, e gerir conhecimento tornou-se um imperativo para as organizações que almejam sobreviver à concorrência. Todavia, o desafio é que muitas organizações não detêm uma política de treinamento estruturada ou ainda não dispõem de profissionais preparados para incentivar os colaboradores como deveriam. Nesses termos, novos formatos para o compartilhamento de conhecimento têm sido propostos, tais como as comunidades de práticas, que s...

  14. Avaliação de treinamentos nos níveis de impacto no trabalho e resultados organizacionais

    OpenAIRE

    Silva, Alexandre Laval

    2012-01-01

    Esta tese tem o objetivo principal de identificar as variáveis preditoras do impacto de um treinamento no desempenho individual dos egressos e a sua relação com os resultados organizacionais. Trata-se de um estudo correlacional, com abordagens qualitativa e quantitativa, que utilizou técnicas diversificadas de coleta de dados primários e secundários. Após a definição do modelo teórico, foram realizados cinco estudos: (1) elaboração do modelo lógico do curso avaliado, denominado de Oficina de ...

  15. Respostas cardiopulmonares agudas de mulheres no treinamento de força Acute cardiopulmonary responses of women in strength training

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcio Antônio Gonsalves Sindorf

    2013-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Investigar as respostas cardiopulmonares de uma sessão de treinamento de força em mulheres jovens. MÉTODO: Participaram do estudo 23 mulheres, com idade entre 18 e 29 anos. Todas as voluntárias foram submetidas aos seguintes testes: cardiopulmonar e de uma repetição máxima (1-RM. O protocolo de treinamento de força teve ênfase em hipertrofia muscular, três séries de oito a 12 repetições a 70% de 1-RM, com intervalos de um minuto e 30 segundos entre as séries. Durante a sessão de treinamento foi realizada a medida das variáveis cardiopulmonares por meio de analisador de gases metabólicos e módulo de telemetria. RESULTADOS: Os resultados do consumo de oxigênio da sessão de treinamento foram de 8,43 ± 1,76 ml/kg/min e da frequência cardíaca de 108,08 ± 15,26 bpm. Os resultados do consumo de oxigênio e da frequência cardíaca do treino foram inferiores (p OBJETIVE: Investigate the cardiopulmonary responses of one strength training session in young women. METHOD: Twenty-three women aged between 18 and 29 years participated in this study. All the volunteers were submitted to the following tests: cardiopulmonary and one-repetition maximum (1-RM. The strength training protocol had emphasis on muscular hypertrophy, three sets from eight to twelve repetitions under 70% of 1-RM, with a one minute thirty-second break between sets. During the training session, the cardiopulmonary variables were measured with a metabolic gas analyzer and a telemetry module. RESULTS: The results of the oxygen consumption in the training session were from 8.43 + 1.76 ml/kg/min and of the heart rate of 108.08 + 15.26 bpm. The results of the oxygen consumption and of the heart rate in the training were lower (p < 0.01 than in the ventilatory threshold and of the oxygen consumption and the heart rate reserves. CONCLUSION: The obtained data show that the present protocol of strength training provided low overload to the cardiopulmonary system of

  16. Efeito do treinamento físico no controle neurovascular e capacidade funcional em pacientes com insuficiência cardíaca em uso de carvedilol

    OpenAIRE

    Raffael Francisco Pires Fraga

    2008-01-01

    Evidências sugerem que o carvedilol diminui a atividade nervosa simpática muscular (ANSM) nos pacientes com insuficiência cardíaca (IC), mas não melhora o fluxo sangüíneo muscular (FSM) e a capacidade funcional nestes pacientes. Por outro lado, o treinamento físico reduz a ANSM, além de melhorar o FSM e a capacidade funcional nos pacientes com disfunção ventricular que não utilizam -bloqueadores. O objetivo deste estudo foi investigar o efeito do treinamento físico sobre a ANSM, FSM e capacid...

  17. Avaliação de treinamento a distância : reação, suporte à transferência e impactos no trabalho

    OpenAIRE

    Carvalho, Renata Silveira; Abbad, Gardênia da Silva

    2006-01-01

    O uso da Internet em treinamentos a distância vem sendo enfatizado, porém se percebem poucas avaliações sistemáticas dessas intervenções. A presente pesquisa avalia modelos de predição de três variáveis critério: Escores de Aprendizagem e Impacto do Treinamento no Trabalho, medido em Profundidade e em Amplitude. As variáveis antecedentes dos modelos integram os componentes de Reação, Características da Clientela e Suporte à Transferência. Foi avaliado um curso a distância, medi...

  18. O custo direto do programa de treinamento em ressuscitação cardiopulmonar em um hospital universitário

    OpenAIRE

    Follador,Nadia Nasser; Castilho,Valéria

    2007-01-01

    A presente pesquisa teve por objetivo mapear o processo de treinamento compartilhado em ressuscitação cardiopulmonar para técnicos e auxiliares de enfermagem da UTI e Semi-Intensiva de Adulto do HU-USP, e aferir os custos diretos das principais atividades do processo. Trata-se de um estudo exploratório, retrospectivo, de levantamento documental, nos moldes de estudo de caso. Seus resultados mostraram que o custo direto total do programa de treinamento em ressuscitação cardio-pulmonar foi de R...

  19. Neuromuscular Blocking Agents and Neuromuscular Dysfunction Acquired in Critical Illness: A Systematic Review and Meta-Analysis.

    Science.gov (United States)

    Price, David R; Mikkelsen, Mark E; Umscheid, Craig A; Armstrong, Ehrin J

    2016-11-01

    The relationship between neuromuscular blocking agents and neuromuscular dysfunction acquired in critical illness remains unclear. We examined the association between neuromuscular blocking agents and ICU-acquired weakness, critical illness polyneuropathy, and critical illness myopathy. PubMed, EMBASE, Web of Science, Cochrane Central Register of Controlled Trials, Cumulative Index of Nursing and Allied Health Literature, and bibliographies of included studies were searched from database inception until September 24, 2015. Randomized controlled trials and prospective observational studies examining the association between neuromuscular blocking agents and ICU-acquired weakness, critical illness polyneuropathy, or critical illness myopathy. One author screened titles/abstracts. Two authors independently reviewed full text and extracted data from included studies. Meta-analysis was performed using the DerSimonian-Laird random effects model (OpenMetaAnalyst 10.10 for OS.X). We assessed reporting bias with funnel plots and heterogeneity with the I statistic. Of 2,170 titles/abstracts screened, 99 full texts were selected for review, yielding one randomized controlled trial and 18 prospective observational studies, for a total of 2,254 patients. The randomized controlled trial did not show an association between neuromuscular blocking agents and neuromuscular dysfunction acquired in critical illness (odds ratio, 1.21; 95% CI, 0.67-2.19), but pooled data from all included studies suggested a modest association (odds ratio, 1.25; 95% CI, 1.06-1.48; I = 16%). Funnel plots suggested reporting bias, and sensitivity analyses showed a disproportionate contribution from critical illness polyneuropathy/critical illness myopathy and severe sepsis/septic shock studies. This meta-analysis suggests a modest association between neuromuscular blocking agents and neuromuscular dysfunction acquired in critical illness; limitations include studies with a high risk of bias and a

  20. Avaliação de treinamentos a distância: relações entre estratégias de aprendizagem e satisfação com o treinamento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gardênia da Silva Abbad

    2010-04-01

    Full Text Available Estudos sobre a capacidade de os alunos gerirem seus próprios processos de aprendizagem tornam-se necessários à medida que as tecnologias da informação e comunicação são inseridas no campo do treinamento organizacional e transferem para os estudantes as responsabilidades anteriormente atribuídas aos professores. Este artigo, assim, analisa as relações entre estratégias de aprendizagem e satisfação com treinamentos. Realizada em uma organização pública, esta pesquisa abarcou 216 participantes de cinco cursos realizados a distância. Os dados coletados por meio de questionários aplicados no último dia de curso evidenciaram padrões de associação entre determinadas estratégias cognitivas de aprendizagem e satisfação com o desempenho da tutoria, com os procedimentos e os resultados e com a interface gráfica do curso. Apesar de não haver indícios sobre a direção dessas associações, especula-se que cursos adequadamente programados e que contem com tutoria ativa conduzem ao uso de estratégias úteis ao armazenamento, à recuperação e à utilização de informações.

  1. Objective neuromuscular monitoring of neuromuscular blockade in Denmark: an online-based survey of current practice.

    Science.gov (United States)

    Söderström, C M; Eskildsen, K Z; Gätke, M R; Staehr-Rye, A K

    2017-07-01

    Neuromuscular blocking agents are commonly used during general anaesthesia but can lead to postoperative residual neuromuscular blockade and associated morbidity. With appropriate objective neuromuscular monitoring (objNMM) residual blockade can be avoided. In this survey, we investigated the use of objNMM in Denmark. We conducted an anonymous Internet-based survey distributed through e-mails to Danish public anaesthesia departments. The survey consisted of 15-17 short questions regarding the use of objNMM. A total of 653 (27%) anaesthetists from 90% of the hospitals answered the questionnaire. ObjNMM was always used by 58% of the anaesthetists and 86% used objNMM at least 75% of the times. Despite the frequent use, 75% of the anaesthetists experienced difficulties with objNMM in at least 25% of the cases. The likelihood of using objNMM was higher among nurse anaesthetists vs. anaesthesiologists (odds ratio (OR) 2.24 [95% confidence interval (CI): 1.62-3.08]), if the department had an employee with special interest in objNMM (OR 1.66 [95% CI: 1.12-2.47]), if the anaesthetist had < 5 years of experience (OR 1.88 [95% CI: 1.29-2.73]), or if experiencing difficulties with objNMM < 25% of the cases (OR 1.60 [95% CI: 1.00-2.57]). In this survey, Danish anaesthetists frequently, in an international perspective, use objNMM, but the use is often associated with technical difficulties. © 2017 The Acta Anaesthesiologica Scandinavica Foundation. Published by John Wiley & Sons Ltd.

  2. Eficácia do treinamento de habilidades fonológicas em crianças de risco para dislexia Efficacy of phonological skills training program in children under risk of dyslexia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cíntia Cristina Fadini

    2011-10-01

    Full Text Available OBJETIVOS: identificar os sinais da dislexia em escolares de 1ª série e verificar a eficácia do programa de treinamento fonológico em crianças de risco para a dislexia que freqüentam a 1ª série escolar e investigar dentre as crianças de risco que não apresentaram melhora após o treinamento se há presença do quadro de dislexia por meio de diagnóstico interdisciplinar. MÉTODO: participaram deste estudo 30 crianças de 1ª série de ensino público, de ambos os gêneros, na faixa etária de 6 a 7 anos de idade. Neste estudo foi realizada a adaptação brasileira da pesquisa sobre treinamento de habilidades fonológicas composta de pré-testagem, intervenção e pós-testagem. Em situação de pré e pós-testagem, todas as crianças foram submetidas à aplicação do teste para a identificação precoce dos problemas de leitura e aquelas que apresentaram desempenho inferior a 51% das provas do teste foram divididas em Grupo I (GI: composto por 13 crianças submetidas ao programa de treinamento; e em Grupo II (GII: composto por 17 crianças não submetidas ao programa de treinamento. RESULTADOS: os resultados deste estudo revelaram diferenças estatisticamente significantes, evidenciando que das 13 crianças submetidas ao programa, 11 apresentaram melhor desempenho em situação de pós-testagem em relação à pré-testagem. Apenas 2 crianças não responderam à intervenção proposta, sendo submetidas à avaliação interdisciplinar. CONCLUSÃO: a realização do programa de treinamento das habilidades fonológicas foi eficaz para as crianças de risco para dislexia, comprovados pela melhora das habilidades fonológicas e de leitura em situação de pós-testagem em relação à pré-testagem.PURPOSE: to identify the symptoms of dyslexia in 1st grade students and verify the effectiveness of the phonological training program in children under risk of dyslexia and verify children under risk who have not improved after training for

  3. Neuromuscular Electrical Stimulation and Anabolic Signaling in Patients with Stroke.

    Science.gov (United States)

    Mettler, Joni A; Bennett, Sydney M; Doucet, Barbara M; Magee, Dillon M

    2017-12-01

    Stroke results in limited ability to produce voluntary muscle contraction and movement on one side of the body, leading to further muscle wasting and weakness. Neuromuscular electrical stimulation is often used to facilitate involuntary muscle contraction; however, the effect of neuromuscular electrical stimulation on muscle growth and strengthening processes in hemiparetic muscle is not clear. This study examined the skeletal muscle anabolic response of an acute bout of neuromuscular electrical stimulation in individuals with chronic stroke and healthy older adults. Eleven individuals (59.8 ± 2.7 years old) were divided into a chronic stroke group (n = 5) and a healthy older adult control group (n = 6). Muscle biopsies were obtained before and after stimulation from the vastus lateralis of the hemiparetic leg for the stroke group and the right leg for the control group. The neuromuscular electrical stimulation protocol consisted of a 60-minute, intermittent stimulation train at 60 Hz. Phosphorylation of mammalian target of rapamycin and ribosomal protein S6 kinase beta-1 were analyzed by Western blot. An acute bout of neuromuscular electrical stimulation increased phosphorylation of mammalian target of rapamycin (stroke: 56.0%; control: 51.4%; P = .002) and ribosomal protein S6 kinase beta-1 (stroke: 131.2%; control: 156.3%; P = .002) from resting levels to post-neuromuscular electrical stimulation treatment, respectively. Phosphorylated protein content was similar between stroke and control groups at both time points. Findings suggest that paretic muscles of patients with chronic stroke may maintain ability to stimulate protein synthesis machinery in response to neuromuscular electrical stimulation. Copyright © 2017 National Stroke Association. Published by Elsevier Inc. All rights reserved.

  4. Stem cell route to neuromuscular therapies.

    Science.gov (United States)

    Partridge, Terence A

    2003-02-01

    As applied to skeletal muscle, stem cell therapy is a reincarnation of myoblast transfer therapy that has resulted from recent advances in the cell biology of skeletal muscle. Both strategies envisage the reconstruction of damaged muscle from its precursors, but stem cell therapy employs precursors that are earlier in the developmental hierarchy. It is founded on demonstrations of apparently multipotential cells in a wide variety of tissues that can assume, among others, a myogenic phenotype. The main demonstrated advantage of such cells is that they are capable of colonizing many tissues, including skeletal and cardiac muscle via the blood vascular system, thereby providing the potential for a body-wide distribution of myogenic progenitors. From a practical viewpoint, the chief disadvantage is that such colonization has been many orders of magnitude too inefficient to be useful. Proposals for overcoming this drawback are the subject of much speculation but, so far, relatively little experimentation. This review attempts to give some perspective to the status of the stem cell as a therapeutic instrument for neuromuscular disease and to identify issues that need to be addressed for application of this technology.

  5. Neuromuscular Fatigue During 200 M Breaststroke

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Conceição

    2014-03-01

    Full Text Available The aims of this study were: i to analyze activation patterns of four upper limb muscles (duration of the active and non-active phase in each lap of 200m breaststroke, ii quantify neuromuscular fatigue, with kinematics and physiologic assessment. Surface electromyogram was collected for the biceps brachii, deltoid anterior, pectoralis major and triceps brachii of nine male swimmers performing a maximal 200m breaststroke trial. Swimming speed, SL, SR, SI decreased from the 1st to the 3rd lap. SR increased on the 4th lap (35.91 ± 2.99 stroke·min-1. Peak blood lactate was 13.02 ± 1.72 mmol·l-1 three minutes after the maximal trial. The EMG average rectified value (ARV increased at the end of the race for all selected muscles, but the deltoid anterior and pectoralis major in the 1st lap and for biceps brachii, deltoid anterior and triceps brachii in the 4th lap. The mean frequency of the power spectral density (MNF decreased at the 4th lap for all muscles. These findings suggest the occurrence of fatigue at the beginning of the 2nd lap in the 200m breaststroke trial, characterized by changes in kinematic parameters and selective changes in upper limb muscle action. There was a trend towards a non-linear fatigue state.

  6. Prevenção de escara de decúbito: avaliação de programa de treinamento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Goretti Angarten

    1983-03-01

    Full Text Available A incidência de escara de decúbito no Hospital Osvaldo Cruz (SP era 14,6%. Este índice justificou o treinamento de pessoal de enfermagem em prevenção de escara. O treinamento compreendeu aula teórico-prática abordando minuciosamente técnica de Mudança de decúbito (MDec e Massagem de conforto (MCon. Um mês após, a incidência era 20%. Desses 22 pacientes com escara, apenas 6 eram submetidos a MDec e MCon. Estas observações sugerem que o domínio da técnica de MDec e MCon não é suficiente para prevenção de escara. Sugerem os autores a adoção de avaliação padronizada pelo enfermeiro do risco de o paciente desenvolver escara, e associação no hospital do decúbito ao horário visando facilitar a supervisão desses cuidados pelo enfermeiro.

  7. Genome Editing of Monogenic Neuromuscular Diseases: A Systematic Review.

    Science.gov (United States)

    Long, Chengzu; Amoasii, Leonela; Bassel-Duby, Rhonda; Olson, Eric N

    2016-11-01

    Muscle weakness, the most common symptom of neuromuscular disease, may result from muscle dysfunction or may be caused indirectly by neuronal and neuromuscular junction abnormalities. To date, more than 780 monogenic neuromuscular diseases, linked to 417 different genes, have been identified in humans. Genome-editing methods, especially the CRISPR (clustered regularly interspaced short palindromic repeats)-Cas9 (CRISPR-associated protein 9) system, hold clinical potential for curing many monogenic disorders, including neuromuscular diseases such as Duchenne muscular dystrophy, spinal muscular atrophy, amyotrophic lateral sclerosis, and myotonic dystrophy type 1. To provide an overview of genome-editing approaches; to summarize published reports on the feasibility, efficacy, and safety of current genome-editing methods as they relate to the potential correction of monogenic neuromuscular diseases; and to highlight scientific and clinical opportunities and obstacles toward permanent correction of disease-causing mutations responsible for monogenic neuromuscular diseases by genome editing. PubMed and Google Scholar were searched for articles published from June 30, 1989, through June 9, 2016, using the following keywords: genome editing, CRISPR-Cas9, neuromuscular disease, Duchenne muscular dystrophy, spinal muscular atrophy, amyotrophic lateral sclerosis, and myotonic dystrophy type 1. The following sources were reviewed: 341 articles describing different approaches to edit mammalian genomes; 330 articles describing CRISPR-Cas9-mediated genome editing in cell culture lines (in vitro) and animal models (in vivo); 16 websites used to generate single-guide RNA; 4 websites for off-target effects; and 382 articles describing viral and nonviral delivery systems. Articles describing neuromuscular diseases, including Duchenne muscular dystrophy, spinal muscular atrophy, amyotrophic lateral sclerosis, and myotonic dystrophy type 1, were also reviewed. Multiple proof

  8. Programa de treinamento de consciência fonológica para crianças surdas bilíngües

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Érika Costa de Souza

    2007-04-01

    Full Text Available Um dos pré-requisitos básicos para a aquisição de leitura e escrita é a consciência fonológica. Estudos têm comprovado que quando expostas a um treinamento formal de consciência fonológica as crianças ouvintes melhoram esta habilidade e, conseqüentemente, aprimoram o desenvolvimento da leitura e da escrita. Entretanto, não há evidências deste tipo de procedimento para crianças surdas. Este estudo objetivou estruturar um Programa de Treinamento de Consciência Fonológica para crianças surdas bilingües e verificar sua efetividade. Participaram do estudo quatro crianças, que foram avaliadas quanto à consciência fonológica antes e após o Treinamento de Consciência Fonológica. Foram verificados efeitos positivos nos níveis de consciência fonológica destas crianças após a realização do Treino. Este estudo fornece indícios de que um Treinamento de Consciência Fonológica pode aprimorar o desenvolvimento da consciência fonológica em crianças surdas usuárias de língua de sinais.

  9. Monitoramento das cargas de treinamento no tênis de elite DOI:10.5007/1980-0037.2010v12n3p217

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aaron James Coutts

    2010-01-01

    Full Text Available A carga de treinamento (CT é influenciada pelo volume e pela intensidade. A determinação precisa das CTs utilizadas durante o treinamento é crucial para atingir as adaptações desejadas e evitar o overtraining. A CT pode ser monitorada de diversas maneiras. Entretanto, nós recomendamos o método da percepção subjetiva de esforço da sessão (PSE da sessão para quantificar a CT pelo seu baixo custo, pela sua fácil compreensão e a pela sua relativa simplicidade de implementação. Neste relato, nós apresentamos dados relacionados às CTs coletados durante o Torneio de Roland Garros em 2008. Nossa experiência no tênis sugere que o método da PSE da sessão é uma ferramenta valiosa que pode ser usada para controlar o treinamento e evitar CTs excessivas. Nós também acreditamos que o monitoramento preciso da CT proporcionará ao técnico o melhor entendimento do processo de treinamento desportivo, em última instância, levando ao aumento de desempenho.

  10. Lumbopelvic flexibility modulates neuromuscular responses during trunk flexion-extension.

    Science.gov (United States)

    Sánchez-Zuriaga, Daniel; Artacho-Pérez, Carla; Biviá-Roig, Gemma

    2016-06-01

    Various stimuli such as the flexibility of lumbopelvic structures influence the neuromuscular responses of the trunk musculature, leading to different load sharing strategies and reflex muscle responses from the afferents of lumbopelvic mechanoreceptors. This link between flexibility and neuromuscular response has been poorly studied. The aim of this study was to investigate the relationship between lumbopelvic flexibility and neuromuscular responses of the erector spinae, hamstring and abdominal muscles during trunk flexion-extension. Lumbopelvic movement patterns were measured in 29 healthy women, who were separated into two groups according to their flexibility during trunk flexion-extension. The electromyographic responses of erector spinae, rectus abdominis and biceps femoris were also recorded. Subjects with greater lumbar flexibility had significantly less pelvic flexibility and vice versa. Subjects with greater pelvic flexibility had a higher rate of relaxation and lower levels of hamstring activation during maximal trunk flexion. The neuromuscular response patterns of the hamstrings seem partially modulated by pelvic flexibility. Not so with the lumbar erector spinae and lumbar flexibility, despite the assertions of some previous studies. The results of this study improve our knowledge of the relationships between trunk joint flexibility and neuromuscular responses, a relationship which may play a role in low back pain. Copyright © 2016 Elsevier Ltd. All rights reserved.

  11. Pharmacokinetic studies of neuromuscular blocking agents: Good Clinical Research Practice (GCRP)

    DEFF Research Database (Denmark)

    Viby-Mogensen, J.; Østergaard, D.; Donati, F.

    2000-01-01

    Good Clinical Research Practice (GCRP), neuromuscular blocking agents, pharmacokinetics, pharmacokinetic/pharmacodynamic modeling, population pharmacokinetics, statistics, study design......Good Clinical Research Practice (GCRP), neuromuscular blocking agents, pharmacokinetics, pharmacokinetic/pharmacodynamic modeling, population pharmacokinetics, statistics, study design...

  12. Loss of adult skeletal muscle stem cells drives age-related neuromuscular junction degeneration.

    Science.gov (United States)

    Liu, Wenxuan; Klose, Alanna; Forman, Sophie; Paris, Nicole D; Wei-LaPierre, Lan; Cortés-Lopéz, Mariela; Tan, Aidi; Flaherty, Morgan; Miura, Pedro; Dirksen, Robert T; Chakkalakal, Joe V

    2017-06-06

    Neuromuscular junction degeneration is a prominent aspect of sarcopenia, the age-associated loss of skeletal muscle integrity. Previously, we showed that muscle stem cells activate and contribute to mouse neuromuscular junction regeneration in response to denervation (Liu et al., 2015). Here, we examined gene expression profiles and neuromuscular junction integrity in aged mouse muscles, and unexpectedly found limited denervation despite a high level of degenerated neuromuscular junctions. Instead, degenerated neuromuscular junctions were associated with reduced contribution from muscle stem cells. Indeed, muscle stem cell depletion was sufficient to induce neuromuscular junction degeneration at a younger age. Conversely, prevention of muscle stem cell and derived myonuclei loss was associated with attenuation of age-related neuromuscular junction degeneration, muscle atrophy, and the promotion of aged muscle force generation. Our observations demonstrate that deficiencies in muscle stem cell fate and post-synaptic myogenesis provide a cellular basis for age-related neuromuscular junction degeneration and associated skeletal muscle decline.

  13. Reversal of rocuronium-induced neuromuscular blockade by sugammadex allows for optimization of neural monitoring of the recurrent laryngeal nerve.

    Science.gov (United States)

    Lu, I-Cheng; Wu, Che-Wei; Chang, Pi-Ying; Chen, Hsiu-Ya; Tseng, Kuang-Yi; Randolph, Gregory W; Cheng, Kuang-I; Chiang, Feng-Yu

    2016-04-01

    The use of neuromuscular blocking agent may effect intraoperative neuromonitoring (IONM) during thyroid surgery. An enhanced neuromuscular-blockade (NMB) recovery protocol was investigated in a porcine model and subsequently clinically applied during human thyroid neural monitoring surgery. Prospective animal and retrospective clinical study. In the animal experiment, 12 piglets were injected with rocuronium 0.6 mg/kg and randomly allocated to receive normal saline, sugammadex 2 mg/kg, or sugammadex 4 mg/kg to compare the recovery of laryngeal electromyography (EMG). In a subsequent clinical application study, 50 patients who underwent thyroidectomy with IONM followed an enhanced NMB recovery protocol-rocuronium 0.6 mg/kg at anesthesia induction and sugammadex 2 mg/kg at the operation start. The train-of-four (TOF) ratio was used for continuous quantitative monitoring of neuromuscular transmission. In our porcine model, it took 49 ± 15, 13.2 ± 5.6, and 4.2 ± 1.5 minutes for the 80% recovery of laryngeal EMG after injection of saline, sugammadex 2 mg/kg, and sugammadex 4 mg/kg, respectively. In subsequent clinical human application, the TOF ratio recovered from 0 to >0.9 within 5 minutes after administration of sugammadex 2 mg/kg at the operation start. All patients had positive and high EMG amplitude at the early stage of the operation, and intubation was without difficulty in 96% of patients. Both porcine modeling and clinical human application demonstrated that sugammadex 2 mg/kg allows effective and rapid restoration of neuromuscular function suppressed by rocuronium. Implementation of this enhanced NMB recovery protocol assures optimal conditions for tracheal intubation as well as IONM in thyroid surgery. NA. © 2016 The American Laryngological, Rhinological and Otological Society, Inc.

  14. Intraoperative neuromuscular monitoring site and residual paralysis.

    Science.gov (United States)

    Thilen, Stephan R; Hansen, Bradley E; Ramaiah, Ramesh; Kent, Christopher D; Treggiari, Miriam M; Bhananker, Sanjay M

    2012-11-01

    Residual paralysis is common after general anesthesia involving administration of neuromuscular blocking drugs (NMBDs). Management of NMBDs and reversal is frequently guided by train-of-four (TOF) monitoring. We hypothesized that monitoring of eye muscles is associated with more frequent residual paralysis than monitoring at the adductor pollicis. This prospective cohort study enrolled 180 patients scheduled for elective surgery with anticipated use of NMBDs. Collected variables included monitoring site, age, gender, weight, body mass index, American Society of Anesthesiologists physical status class, type and duration of surgery, type of NMBDs, last and total dose administered, TOF count at time of reversal, dose of neostigmine, and time interval between last dose of NMBDs to quantitative measurement. Upon postanesthesia care unit admission, we measured TOF ratios by acceleromyography at the adductor pollicis. Residual paralysis was defined as a TOF ratio less than 90%. Multivariable logistic regression was used to account for unbalances between the two groups and to adjust for covariates. 150 patients received NMBDs and were included in the analysis. Patients with intraoperative TOF monitoring of eye muscles had significantly greater incidence of residual paralysis than patients monitored at the adductor pollicis (P paralysis was observed in 51/99 (52%) and 11/51 (22%) of patients, respectively. The crude odds ratio was 3.9 (95% CI: 1.8-8.4), and the adjusted odds ratio was 5.5 (95% CI: 2.1-14.5). Patients having qualitative TOF monitoring of eye muscles had a greater than 5-fold higher risk of postoperative residual paralysis than those monitored at the adductor pollicis.

  15. Neuromuscular transmission in the athymic nude mouse.

    Science.gov (United States)

    Schofield, G G; Marshall, I G

    1980-10-01

    No major differences were observed in the mechanical properties of diaphragm, extensor digitorum longus and soleus muscles from athymic nude and control mice. Denervated soleus muscles from nudes and controls showed no significant differences in their sensitivities to the cholinoceptor agonists acetylcholine and carbachol, either in the absence or presence of the anticholinesterase, physostigmine, suggesting that postjunctional receptor function is essentially normal. Phrenic nerve-diaphragm preparations from nudes were less sensitive to the twitch-augmenting effects of neostigmine. No difference in the time course of endplate potentials (epps) between nudes and controls was seen either in the absence or presence of neostigmine. Hence the observed differences in twitch augmentation are unlikely to be due to differences in acetylcholinesterase activity in the two muscles. In normal mice miniature endplate potential (mepp) amplitude decreased and mepp frequency increased with age. These changes were associated with an increase in muscle fibre diameter and a concomitant decrease in membrane resistance. Such changes did not occur in nude mice; thus mepp amplitude remained, high as in young normal muscle. It is suggested that the thymus may play a role in muscle development and that the effects on neuromuscular transmission are secondary to changes in development. In cut diaphragm muscles transmitter reversal potentials in nudes and controls were not different. Although there was no difference in the amplitude of the first epp of a train, or in the immediately releasable acetylcholine store, the quantal content of the first epp, the probability of transmitter release, the total nerve terminal acetylcholine store and the transmitter mobilization rate were all reduced. It is considered probable that all the measurable differences in transmitter release can be explained in terms of the nude muscle fibre diameter being small and being associated with a small nerve terminal

  16. Mecanismos adaptativos do sistema imunológico em resposta ao treinamento físico Adaptative mechanisms of the immune system in response to physical training

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carol Góis Leandro

    2007-10-01

    Full Text Available O treinamento físico, de intensidade moderada, melhora os sistemas de defesa, enquanto que o treinamento intenso causa imunossupressão. Os mecanismos subjacentes estão associados à comunicação entre os sistemas nervoso, endócrino e imunológico, sugerindo vias autonômicas e modulação da resposta imune. Células do sistema imune, quando expostas a pequenas cargas de estresse, desenvolvem mecanismo de tolerância. Em muitos tecidos tem-se demonstrado que a resposta a situações agressivas parece ser atenuada pelo treinamento físico aplicado previamente, isto é, o treinamento induz tolerância para situações agressivas/estressantes. Nesta revisão são relatados estudos sugerindo os mecanismos adaptativos do sistema imunológico em resposta ao treinamento físico.Moderate physical training enhances the defense mechanisms, while intense physical training induces to immune suppression. The underlying mechanisms are associated with the link between nervous, endocrine, and immune systems. It suggests autonomic patterns and modulation of immune response. Immune cells, when exposed to regular bouts of stress, develop a mechanism of tolerance. In many tissues, it has been demonstrated that the response to aggressive conditions is attenuated by moderate physical training. Thus, training can induce tolerance to aggressive/stressful situations. In this review, studies suggesting the adaptation mechanisms of the immune system in response to physical training will be reported.

  17. PROPRIOCEPÇÃO E REFORÇO MUSCULAR NA ESTABILIDADE DO TORNOZELO EM ATLETAS DE FUTSAL FEMININO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Letícia Oscar Ribas

    Full Text Available RESUMO Introdução: O futsal é um esporte coletivo caracterizado por movimentos rápidos e de alta intensidade, com frequentes trocas de direção dos atletas, o que predispõe os membros inferiores a lesões principalmente na articulação do tornozelo. Objetivo: Comparar os efeitos de um treinamento proprioceptivo e um treinamento de reforço muscular sobre a estabilidade articular do tornozelo, em atletas de futsal feminino, por meio do Star Excursion Balance Test (SEBT. Métodos: Foram avaliadas 20 atletas de futsal feminino, com idade entre 18 e 30 anos (média 22,45 ± 3,30, sem histórico de lesões nos membros inferiores nos últimos seis meses, divididas randomicamente em dois grupos. Um grupo realizou um treinamento proprioceptivo e o outro um protocolo de reforço muscular, durante quatro semanas. Foi utilizado o SEBT para avaliar as fases pré e pós-intervenção. Para a comparação de médias de ambos os tornozelos, em cada grupo isolado, utilizou-se o teste t para medidas repetidas. Para a comparação de médias entre os grupos, aplicou-se o teste t para amostras independentes. Adotou-se 5% (p ≤ 0,05 como nível de significância e as análises foram realizadas no programa SPSS (Statistical Package for the Social Sciences versão 18. Resultados: Tanto o treinamento proprioceptivo quanto o de reforço muscular obtiveram resultados estatisticamente significativos nas direções lateral, posterolateral, posterior, posteromedial e medial, demonstrando boa estabilidade da articulação do tornozelo para qualquer um dos protocolos. Na comparação do pré e pós-intervenção entre os grupos, não foram encontradas diferenças estatisticamente significativas em nenhuma das direções do teste. Conclusão: Treinamentos proprioceptivos e treinamentos de reforço muscular com duração de quatro semanas parecem ser alternativas viáveis e eficazes no incremento da estabilidade articular do tornozelo em atletas de futsal feminino.

  18. Is deep neuromuscular blockade beneficial in laparoscopic surgery?

    DEFF Research Database (Denmark)

    Madsen, M. V.; Staehr-Rye, A K; Claudius, C

    2016-01-01

    BACKGROUND: Deep neuromuscular blockade during laparoscopic surgery may provide some clinical benefit. We present the 'Pro-' argument in this paired position paper. METHODS: We reviewed recent evidence from a basic database of references which we agreed on with the 'Con-' side, and present...... this in narrative form. We have shared our analysis and text with the authors of the 'Con-' side of these paired position papers during the preparation of the manuscripts. RESULTS: There are a few low risk of bias studies indicating that use of deep neuromuscular blockade improve surgical conditions and improve...... patient outcomes such as post-operative pain in laparoscopic surgery. CONCLUSION: Our interpretation of recent findings is that there is reason to believe that there may be some patient benefit of deep neuromuscular blockade in this context, and more detailed study is needed....

  19. Neuromuscular economy, strength, and endurance in healthy elderly men.

    Science.gov (United States)

    Cadore, Eduardo Lusa; Pinto, Ronei Silveira; Alberton, Cristine Lima; Pinto, Stephanie Santana; Lhullier, Francisco Luiz Rodrigues; Tartaruga, Marcus Peikriszwili; Correa, Cleiton Silva; Almeida, Ana Paula Viola; Silva, Eduardo Marczwski; Laitano, Orlando; Kruel, Luiz Fernando Martins

    2011-04-01

    Declines in muscular strength resulting from reduced neural activity may influence the reduction in aerobic capacity in older men. However, there has been little investigation into the relationship between muscular strength and economy of movement during aerobic exercise in elderly subjects. Thus, the purpose of this study was to investigate the possible relationship between strength, aerobic performance, and neuromuscular economy in older men. Twenty-eight aged men (65 ± 4 years old) were evaluated in dynamic (1 repetition maximum test), isometric strength (maximal voluntary contraction), and rate of force development. Peak oxygen uptake, maximal workload, and ventilatory threshold were determined during a ramp protocol on a cycle ergometer. Throughout the same protocol, the neuromuscular economy (electromyographic signal) of the vastus lateralis was measured. Significant correlations were found between muscular strength, cardiorespiratory fitness, and neuromuscular economy (r = 0.43-0.64, p economy of movement are associated with muscular strength during aging.

  20. Hexosamine Biosynthetic Pathway Mutations Cause Neuromuscular Transmission Defect

    Science.gov (United States)

    Senderek, Jan; Müller, Juliane S.; Dusl, Marina; Strom, Tim M.; Guergueltcheva, Velina; Diepolder, Irmgard; Laval, Steven H.; Maxwell, Susan; Cossins, Judy; Krause, Sabine; Muelas, Nuria; Vilchez, Juan J.; Colomer, Jaume; Mallebrera, Cecilia Jimenez; Nascimento, Andres; Nafissi, Shahriar; Kariminejad, Ariana; Nilipour, Yalda; Bozorgmehr, Bita; Najmabadi, Hossein; Rodolico, Carmelo; Sieb, Jörn P.; Steinlein, Ortrud K.; Schlotter, Beate; Schoser, Benedikt; Kirschner, Janbernd; Herrmann, Ralf; Voit, Thomas; Oldfors, Anders; Lindbergh, Christopher; Urtizberea, Andoni; von der Hagen, Maja; Hübner, Angela; Palace, Jacqueline; Bushby, Kate; Straub, Volker; Beeson, David; Abicht, Angela; Lochmüller, Hanns

    2011-01-01

    Neuromuscular junctions (NMJs) are synapses that transmit impulses from motor neurons to skeletal muscle fibers leading to muscle contraction. Study of hereditary disorders of neuromuscular transmission, termed congenital myasthenic syndromes (CMS), has helped elucidate fundamental processes influencing development and function of the nerve-muscle synapse. Using genetic linkage, we find 18 different biallelic mutations in the gene encoding glutamine-fructose-6-phosphate transaminase 1 (GFPT1) in 13 unrelated families with an autosomal recessive CMS. Consistent with these data, downregulation of the GFPT1 ortholog gfpt1 in zebrafish embryos altered muscle fiber morphology and impaired neuromuscular junction development. GFPT1 is the key enzyme of the hexosamine pathway yielding the amino sugar UDP-N-acetylglucosamine, an essential substrate for protein glycosylation. Our findings provide further impetus to study the glycobiology of NMJ and synapses in general. PMID:21310273

  1. Exercise Therapy in Spinobulbar Muscular Atrophy and Other Neuromuscular Disorders

    DEFF Research Database (Denmark)

    Dahlqvist, Julia Rebecka; Vissing, John

    2016-01-01

    There is no curative treatment for most neuromuscular disorders. Exercise, as a treatment for these diseases, has therefore received growing attention. When executed properly, exercise can maintain and improve health and reduce the risk of cardiovascular disease, obesity, and diabetes. In persons...... in patients with neuromuscular diseases associated with weakness and wasting. We review studies that have investigated different types of exercise in both myopathies and motor neuron diseases, with particular emphasis on training of persons affected by spinobulbar muscular atrophy (SBMA). Finally, we provide...

  2. Magnetic resonance imaging of myoedema in neuromuscular diseases

    International Nuclear Information System (INIS)

    Schedel, H.; Vogel, T.; Lissner, J.; Reimers, C.C.

    1992-01-01

    Magnetic resonance imaging was done in 100 patients suffering from various generalized neuromuscular diseases. 30 (30%) showed higher signal intensities on T2-weighted images compared to T1-weighted images without contrast medium, indicating muscle edema. In inflammatory myopathies diffuse and severe muscle edema were found, whereas local and slight or moderate muscle edema were unspecific findings. In 10 patients also contrast enhanced T1-weighted images were done, showing no more sensitivity than T2-weighted images. In conclusion, we think that magnetic resonance imaging may contribute to differential diagnosis of neuromuscular diseases. (orig.) [de

  3. Neuromuscular activity and knee kinematics in adolescents with patellofemoral pain

    DEFF Research Database (Denmark)

    Rathleff, Michael Skovdal; Samani, Afshin; Olesen, Jens Lykkegaard

    2013-01-01

    This study aimed to investigate the neuromuscular control of the knee during stair descent among female adolescents with patellofemoral pain (PFP) and to report its association with self-reported clinical status assessed by the Knee Injury and Osteoarthritis Outcome Score (KOOS).......This study aimed to investigate the neuromuscular control of the knee during stair descent among female adolescents with patellofemoral pain (PFP) and to report its association with self-reported clinical status assessed by the Knee Injury and Osteoarthritis Outcome Score (KOOS)....

  4. Neuromuscular exercise as treatment of degenerative knee disease

    DEFF Research Database (Denmark)

    Ageberg, Eva; Roos, Ewa M.

    2015-01-01

    Exercise is recommended as first-line treatment of degenerative knee disease. Our hypothesis is that neuromuscular exercise is feasible and at least as effective as tradionally used strength or aerobic training, but aims to more closely target the sensorimotor deficiencies and functional...... instability associated with the degenerative knee disease than traditionally used training methods.SUMMARY FOR TABLE OF CONTENTS PAGECurrent data suggests that the effect from neuromuscular exercise on pain and function is comparable to the effects seen from other forms of exercise....

  5. Clinical neuropsychiatric and neuromuscular manifestations in systemic lupus erythematosus.

    Science.gov (United States)

    Omdal, R; Mellgren, S I; Husby, G

    1988-01-01

    Thirty patients with SLE were studied retrospectively and subjected to clinical neurological examination. The accumulated neurological manifestations from the beginning of the disease until the time of examination were thus collected. Twenty-five patients (83%) had experienced neuropsychiatric manifestations while 11 patients (37%) had neuromuscular manifestations. The most frequent single symptom was migraine which had occurred in 40% of the patients. This was followed by severe protracted headache in 20%, vertigo in 20%, and psychiatric problems in 17%. Carpal tunnel syndrome and muscular weakness both occurring in 23% of the patients were the most prevalent neuromuscular manifestations, followed by myositis in 10%.

  6. Neuromuscular disorders in acute leukemia and lymphoma treatment

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    E. A. Politova

    2014-07-01

    Full Text Available Different mechanisms of neuromuscular complications, their clinical presentation, methods of diagnosis, prognosis and treatment options arepresented. The material is presented according to the level of nervous system damage, with inclusion of different clinical entities. Authors revieweda wide range of disease – disease of the spinal cord, peripheral nerves and plexus, neuromuscular junction and muscle – as a result of chemotherapy and radiation therapy. Systemic effects of drugs on peripheral nervous system, various departments of which can be simultaneously involved in the pathological process, were also highlighted.

  7. Efectos del vendaje neuromuscular sobre la flexibilidad del raquis lumbar

    OpenAIRE

    A.M. Labrador-Cerrato; P. Ortega Sánchez-Diezma; G. Lanzas Melendo; C. Gutiérrez-Ortega

    2015-01-01

    Introducción: El vendaje neuromuscular es una técnica que produce una estimulación muy selectiva sobre la piel a través de la aplicación de unas vendas elásticas especiales con el fin de lograr cambios propioceptivos, aumento o inhibición del tono muscular y mitigación de algias, entre otros. Objetivos: Comprobar si la aplicación del vendaje neuromuscular permite aumentar la flexión del raquis lumbar comparándola con otras técnicas de vendaje placebo (esparadrapo rígido convencional; Omniplas...

  8. Neuromuscular hip biomechanics and pathology in the athlete.

    Science.gov (United States)

    Torry, Michael R; Schenker, Mara L; Martin, Hal D; Hogoboom, Doug; Philippon, Marc J

    2006-04-01

    Although hip arthroscopic techniques have been developed and evolved over the last 5 to 10 years to help active athletes, the mechanisms of athletic hip injuries across various sports are not well understood. The purpose of this article is to review the literature related to the osseous and ligamentous support as well as the neuromuscular control strategies associated with hip joint mechanics. The neuromuscular contributions to hip stability and mobility with respect to gait will be provided because this data represents the largest body of knowledge regarding hip function. Further, this article will present and describe probable mechanisms of injury in sporting activities most often associated with hip injury in the young athlete.

  9. Influência da nifedipina no bloqueio neuromuscular produzido pelo atracúrio e pelo cisatracúrio: estudo em preparações nervo frênico-diafragma de rato Influencia de la nifedipina en el bloqueo neuromuscular producido por atracurio y cisatracurio: estudio en preparación nervio frénico diafragma de ratón Influence of nifedipine on the neuromuscular block produced by atracurium and cistracurium: study in rat phrenic-diaphragmatic nerve preparation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silmara Rodrigues de Sousa

    2006-04-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Os bloqueadores de canais de cálcio podem interagir com bloqueadores neuromusculares potencializando seus efeitos. Os estudos sobre essa interação mostram resultados controversos. Em alguns estudos essas drogas produziram bloqueio neuromuscular, ou contratura, ou nenhum efeito sobre as respostas musculares esqueléticas foi evidenciado. O estudo avaliou, em diafragma de rato, os efeitos da nifedipina sobre a resposta muscular e sua possível interação com os bloqueadores neuromusculares. MÉTODO: Foram utilizados 25 ratos, com peso entre 250 e 300 g sacrificados sob anestesia com pentobarbital (40 mg.kg -1 por via intraperitonial. A preparação foi montada de acordo com a técnica descrita por Bulbring. O diafragma foi mantido sob tensão, ligado a um transdutor isométrico e submetido à estimulação indireta de 0,1 Hz de freqüência. As contrações do diafragma foram registradas em fisiógrafo. Para avaliação dos efeitos das drogas na transmissão neuromuscular, estas foram adicionadas isoladamente ou associadas à preparação, nas seguintes concentrações: nifedipina (4 µg.mL-1; atracúrio (20 µg.mL-1; cisatracúrio (3 µg.mL-1. Nas preparações nervo frênico-diafragma avaliaram-se: 1 a amplitude das respostas do músculo diafragma à estimulação indireta, antes e 45 minutos após a adição da nifedipina e dos bloqueadores neuromusculares isoladamente e após a associação das drogas; 2 os efeitos da nifedipina nos potenciais de membrana (PM e potenciais de placa terminal em miniatura (PPTM. RESULTADOS: A nifedipina empregada isoladamente não alterou a amplitude das respostas musculares, mas aumentou significativamente a atividade bloqueadora neuromuscular do atracúrio e do cisatracúrio. Não alterou o potencial de membrana e ocasionou aumento inicial na freqüência dos PPTM, seguido de bloqueio. CONCLUSÕES: A nifedipina na concentração empregada potencializou o bloqueio neuromuscular

  10. Avaliação dos efeitos do treinamento em crianças futebolistas da Vila Olímpica da Mangueira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria de Nazaré Dias Portal

    2008-06-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito de 12 semanas de treinamento nas qualidades físicas de dois grupos de crianças praticantes de futebol de campo da Vila Olímpica da Mangueira, ambos no estágio 3 de maturação biológica. As crianças foram submetidas a duas metodologias distintas durante a etapa de formação básica: a tradicional (grupo 1 - G1 e a maturacional (grupo 2 - G2. A amostra foi composta por 30 crianças do gênero masculino. Para a avaliação da Maturação Biológica foi utilizado o método de Tanner (1962. Para avaliação das qualidades físicas foram utilizados os seguintes protocolos: Coordenação (Teste de Coordenação de Burpee, Flexibilidade (Testes Angulares de Goniometria, Força dinâmica (Teste de Preensão Manual de Dinamometria, Força explosiva (Teste de Impulsão Vertical e Velocidade (Teste de velocidade de 30 metros lançado. O procedimento estatístico utilizado foi o Teste-t de Student para amostras independentes e repetidas com um nível de significância de p≤0,05. Quando se comparou o G1 com o G2 observaram-se os seguintes resultados do Δ% e do p-valor, respectivamente: coordenação (Δ%=14,11%; p=0,00, força dinâmica (Δ%=3,01; p=0,49 e força explosiva (Δ%=1,03; p=0,63, flexibilidade (Δ%=4,39%; p=0,00, resistência aeróbica (Δ%=0,91%; p=0,00 e velocidade (Δ%=-0,96; p=0,00. Os resultados permitiram concluir que a utilização de uma metodologia levando em consideração a maturação biológica se mostrou mais eficiente no desenvolvimento de qualidades físicas de infantes no estágio 3 de maturação, praticantes de futebol de campo na Vila Olímpica da Mangueira.

  11. Treinamento de habilidades sociais educativas para pais de crianças com problemas de comportamento Training parent social skills for families of children with behavior problems

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Isabel Santos Pinheiro

    2006-01-01

    Full Text Available Este artigo descreve um programa de Treinamento de Habilidades Sociais para pais de crianças com problemas de comportamento. O programa, com duração de 11 semanas, apresentou, por meio de passos semanais seqüenciados, princípios da análise do comportamento para a prática disciplinar não-coerciva e modelos de habilidades sociais educativas para pais, com tarefas semanais de observar o comportamento do filho, estabelecer condições de aprendizagem e desempenho de comportamentos desejáveis (empatia, seguimento de instruções, independência etc., expressão afetiva entre outros. Participaram do programa 32 mães e dois pais, com avaliações pré e pós-intervenção por meio de questionários de auto-relato e entrevistas. Os resultados mostraram redução significativa na freqüência e severidade de comportamentos importunos e/ou indisciplinados, conforme avaliação dos pais. Concluiu-se que o enfoque de habilidades sociais educativas para pais pode contribuir positivamente para o desenvolvimento de práticas disciplinares não-coercivas junto a essa clientela.This paper describes a Parental Social Skills Program aimed to reduce children behavior problems. The program, lasting 11 weeks, was implemented by means of weekly sequential steps starting with behavior analysis principles for parents to practice a non-coercitive discipline and to learn, models of parental social skills. Parents received weekly home assignments to observe the children's behavior, to establish favorable learning conditions for children to behave in desirable ways (empathy, compliance, independence etc. and to adequately express emotions. Thirty-two mothers and two fathers participated in the program. Self-report questionnaires and open interviews in the pre-and post-intervention phases were used to assess the program's efficacy. Results showed significant reduction in the frequency and severity of disruptive and/or noncompliant behavior, as assessed by the

  12. Câncer: benefícios do treinamento de força e aeróbio

    OpenAIRE

    Nascimento, Elaine Batista do; Leite, Richard Diego; Prestes, Jonato

    2011-01-01

    O objetivo do presente estudo foi analisar os benefícios do treinamento de força e aeróbio durante e após o tratamento de pacientes com câncer. Para esta revisão foram utilizados periódicos das bases de dados PubMed, MEDLINE, SciELO e LILACS. A partir das evidências científicas apresentadas pelos estudos, destaca-se que o exercício físico melhora a capacidade funcional, a composição corporal, a atividade das células matadoras naturais (NK), o estado de humor e a qualidade de vida de pacientes...

  13. Segmental Pedicle Screw Instrumentation and Fusion Only to L5 in the Surgical Treatment of Flaccid Neuromuscular Scoliosis.

    Science.gov (United States)

    Takaso, Masashi; Nakazawa, Toshiyuki; Imura, Takayuki; Fukuda, Michinari; Takahashi, Kazuhisa; Ohtori, Seiji

    2018-03-01

    and maintained long-term. There was no significant loss of correction of coronal curve and pelvic obliquity. There was no major complication. Segmental pedicle screw instrumentation and fusion to L5 was safe and effective in patients with flaccid neuromuscular scoliosis with apex L2 or higher and minimal L5 tilt of less than 15°. Segmental pedicle screw instrumentation ending at L5 offered the ability to correct spinal deformity and pelvic obliquity initially, intermediate and even long-term, with no major complications. This method in appropriate patients can be a viable alternative to instrumentation and fusion to the sacrum/pelvis in the surgical treatment of flaccid neuromuscular scoliosis. N/A.

  14. Estudo descritivo sobre a importância da avaliação funcional como procedimento prévio no controle fisiológico do treinamento físico de futebolistas realizado em pré-temporada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alberto Azevedo Alves Teixeira

    1999-10-01

    Full Text Available O principal objetivo deste estudo foi mostrar a importância da avaliação funcional como procedimento utilizado no controle fisiológico do treinamento físico de futebolistas profissionais em pré-temporada. Foram avaliados e posteriormente concentrados na cidade de Águas de Lindóia, Estado de São Paulo, por 16 dias, 23 jogadores pertencentes ao Departamento de Futebol Profissional da Associação Portuguesa de Desportos, em preparação para o Campeonato Paulista, edição 1999. Todos foram submetidos a uma bateria de testes que constou de avaliação: cardiorrespiratória e metabólica, odontológica, isocinética de membros inferiores, percentagem de gordura corpórea, da potência anaeróbia pelo teste de Wingate e testes de campo. Os seguintes resultados e os parâmetros avaliados foram: no limiar ventilatório 2 (LV2: VO2 = 49,09 ± 4,83ml.kg-1.min-1;%VO2 = 82,7 ± 5,8; velocidade de corrida = 12,8 ± 0,9km.h-1; FC = 174 ± 9bpm; no exercício máximo: V E BTPS = 137,3 ± 11,3L.min-1; velocidade de corrida = 17,6 ± 0,7km.h-1; FC = (191 ± 8bpm; VO2 pico = 59,28 ± 3,52ml.kg-1.min-1; lactato = 10,5 ± 1,5mM. Teste de Wingate: potência pico = 13,5 ± 1,1w.kg-1; potência média = 10,1 ± 0,6w.kg-1; índice de fadiga = 53,0 ± 7,7%. Teste isocinético: velocidade angular da articulação do joelho da perna direita na extensão e flexão a 60°S-1 = 298 ± 72 e 198 ± 44Nm, respectivamente; a 300°S-1 extensão e flexão = 137 ± 32 e 121 ± 26Nm, respectivamente. Velocidade angular da articulação do joelho da perna esquerda na extensão e flexão a 60°S-1 = 272 ± 62 e 185 ± 45Nm, respectivamente; a 300°S-1 extensão e flexão = 138 ± 28 e 122 ± 27Nm, respectivamente. A intensidade dos treinamentos aeróbio e anaeróbio foi controlada em campo por medidas de lactato, utilizando-se lactômetro portátil. O treinamento de musculação foi realizado a 60% da carga máxima para cada exercício. Os exercícios de alongamento e na

  15. Efeitos da suplementação carboidratada e de diferentes tipos de treinamento físico sobre as concentrações de células sanguíneas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Airton José Rombaldi

    2013-06-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A participação dos atletas em sessões de exercício intenso e prolongado pode fazer declinar o número circulante e a capacidade funcional dos leucócitos. Por outro lado, o consumo de uma solução carboidratada pode atenuar os efeitos imunossupressivos do exercício. OBJETIVO: Verificar os efeitos do exercício aeróbio e anaeróbio, além da suplementação carboidratada sobre as concentrações sanguíneas da contagem total e diferencial de leucócitos, hemoglobina e glicose sérica de ratos Wistar. MÉTODOS: Sessenta e nove Ratos machos Wistar (60 dias foram divididos em seis grupos: sedentários não suplementados (n = 12 e suplementados (n = 12; treinados em estado estável máximo de lactato (EEML não suplementados (n = 11 e suplementados (n = 11; treinados em alta intensidade não suplementados (n = 12 e suplementados (n = 11. O protocolo de treinamento consistiu de oito semanas de natação em padrão contínuo em EEML (60 min.dia-1 ou intermitente (dois períodos de 30 minutos, com intervalo de 10 minutos, com sobrecargas correspondentes a 5% e 10% do peso corporal, respectivamente. Durante 37 dias os animais foram suplementados com uma dose diária de 0,48 g.kg-1 de maltodextrina dissolvida em água ou receberam água pura. RESULTADOS: Não houve efeito da suplementação carboidratada e dos dois tipos de treinamento nas concentrações de leucócitos sanguíneos. O exercício anaeróbio (p = 0,04 e o uso da maltodextrina (p = 0,003 proporcionaram elevações nas concentrações de hemoglobinas sanguíneas, enquanto o exercício aeróbio ocasionou aumento na concentração da glicose sérica (p < 0,02. CONCLUSÃO: Os diferentes tipos de exercícios não estiveram envolvidos com leucopenia, hipoglicemia ou anemia que poderiam levar a fadiga muscular precoce e queda do desempenho.

  16. BENEFÍCIOS DO TREINAMENTO AERÓBIO SUBMÁXIMO SOBRE A COMPOSIÇÃO CORPORAL E LIMIAR ANAERÓBIO EM MULHERES COM PREDOMINÂNCIA DE SOBREPESO E OBESIDADE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    N. P. A. BONIFÁCIO

    2008-09-01

    Full Text Available

    Evitar a obesidade e manter adequado o peso corporal de forma saudável é resultado do controle da ingestão de energia associada à prática regular de atividade física. A adoção de tais hábitos de vida leva também à redução de importantes fatores de risco para as doenças crônicas. Neste estudo foi verificada a influência do exercício físico sobre o limiar anaeróbio e a composição corporal em mulheres. A amostra foi constituída por 30 mulheres sedentárias, entre 30 e 55 anos, com sobrepeso ou obesidade (IMC= 29,0 ± 4,61 kg/m2, que foram submetidas a treinamento físico aeróbio submáximo, três vezes por semana, durante 12 semanas. Ao final do experimento o grupo reduziu significativamente o peso corporal (2,0 ± 3,0%, o IMC (2,0 ± 3,0%, as pregas cutâneas: abdominal (15,4 ± 15,5%, triciptal (18,7 ± 13,3%, da coxa (20,0 ± 17,2% e a gordura corporal total, medida por bioimpedância (15,4 ± 11,0%. Durante o teste de lactacidemia foram detectados aumentos na carga máxima (-14,4 ± 12,5%, carga do limiar (19,4 ± 21,3% e redução do lactato sérico (24,0 ± 43,0%, resultando em aumento do limiar anaeróbio pós-treinamento. A interpretação conjunta dos resultados sugere que o exercício físico orientado melhora significativamente o condicionamento físico e a composição corporal das mulheres em pré-menopausa com predominância de sobrepeso e obesidade.

  17. Treinamento de habilidades fonológicas e correspondência grafema-fonema em crianças de risco para dislexia Phonological skills and grapheme-phoneme training correspondence in children under dyslexia risk

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maryse Tomoko Matsuzawa Fukuda

    2011-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: verificar a eficácia do programa de treinamento fonológico e correspondência grafema-fonema em crianças de risco para dislexia da 1ª série. MÉTODOS: participaram deste estudo 30 crianças de 1ª série de ensino público, de ambos os gêneros, na faixa etária de 6 a 7 anos de idade. Neste estudo foi realizada a adaptação brasileira da pesquisa sobre treinamento de habilidades fonológicas e correspondência grafema-fonema composta de pré-testagem, intervenção e pós-testagem. Em situação de pré e pós-testagem, todas as crianças foram submetidas à aplicação do teste para identificação precoce dos problemas de leitura e aquelas que apresentaram desempenho inferior a 51% das provas do teste foram divididas em Grupo I (GI: composto por 15 crianças submetidas ao programa de treinamento; e em Grupo II (GII: composto por 15 crianças não submetidas ao programa de treinamento. RESULTADOS: os resultados desse estudo revelaram diferenças estatisticamente significantes, evidenciando que das 15 crianças submetidas ao programa, apenas uma não respondeu à intervenção proposta, sendo submetida, portanto, à avaliação interdisciplinar e confirmado o diagnóstico de dislexia. CONCLUSÃO: a realização do programa de treinamento das habilidades fonológicas e correspondência grafema-fonema foi eficaz para a identificação das crianças com sinais de dislexia, comprovado pela melhora das habilidades fonológicas e leitura em situação de pós-testagem em relação à pré-testagem, evidenciando que quando é fornecida a instrução formal do princípio alfabético associado ao principio de conversão letra-som da Língua Portuguesa, as crianças que não apresentam dislexia deixam de apresentar suas manifestações com resposta à instrução formal do princípio alfabético.PURPOSE: to check the efficacy of the phonological training and grapheme-phoneme correspondence program in first-grade children under dyslexia

  18. Metformina interage com o treinamento físico diminuindo a glicemia e aumentando o armazenamento de glicogênio em ratos diabéticos Metformin interacts with physical training decreasing glycemia and increasing glycogen supply in diabetic rats

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eunice da Silva-Costa

    2008-08-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Assim como em humanos, ratos diabéticos apresentam baixas quantidades de glicogênio. Entretanto, treinamento ou medicamentos podem causar diminuição da glicemia e melhorar o controle metabólico. Metformina aumenta o glicogênio enquanto diminui a glicemia em ratos normais estressados por exercício. OBJETIVO: Investigar se exercício regular e metformina melhoram o metabolismo de ratos diabéticos. MÉTODOS: Ratos Wistar diabéticos por aloxana tratados com metformina (DTM ou não (DT foram treinados. O treinamento consistiu de 20 sessões de 30 min de duração, cinco dias por semana. Ratos diabéticos sedentários foram usados como controle (SD e SDM. Metformina (5,6µg/ml foi dada na água de beber. Após 48h de repouso, a glicose (mg/dl e a insulina (ng/mL foram medidas no plasma e o glicogênio (mg/100mg de tecido molhado no fígado, sóleo e gastrocnêmio. RESULTADOS: A glicemia diminuiu de 435 ± 15 para 230 ± 20 no grupo DSM, para 143 ± 8,1 no grupo DT e para 138 ± 19mg/dl no grupo DTM. O grupo DSM teve proporcional aumento de glicogênio hepático de 1,69 ± 0.22 para 3,53 ± 0.24 e o treinamento aumentou para 3,36 ± 0,16mg/100mg. A metformina induziu aumento proporcional nos músculos sóleo de 0,21 ± 0,008 para 0,42 ± 0,03 e no gastrocnêmio, de 0,33 ± 0,02 para 0,46 ± 0,03, enquanto que o treinamento aumentou apenas no gastrocnêmio para 0,53 ± 0,03. Uma grande interação foi observada no fígado (o glicogênio aumentou para 6,48 ± 0,34. CONCLUSÃO: Pequenas doses orais de metformina e/ou treinamento restituíram parcialmente a glicemia e promoveram aumento de glicogênio em tecidos de ratos diabéticos. A associação com o programa de exercício foi benéfica, ajudando a diminuir a glicemia e a aumentar o armazenamento de glicogênio no fígado de ratos diabéticos.INTRODUCTION: Like in humans, lower amounts of glycogen are present in tissues of diabetic rats. However, training or drugs that lower

  19. Influence of strength training on variables related to elderly autonomy = Influência do treinamento de força sobre variáveis relacionadas à autonomia de idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alessandra Regina Carnelozzi Prati

    2012-07-01

    ômetro manual e de membros inferiores, além de testes de capacidade funcional como subir escadas e autopercepção no desempenho de atividades da vida diária. A amostra foi constituída por 12 idosas do gênero feminino que não realizavam qualquer tipo de treinamento de força. Os resultados apresentaram-se com melhora significativa de força e capacidade funcional, houve também significante redução de gordura e aumento de massa magra na amostra. Concluise então que idosos podem usufruir dos benefícios proporcionados pelo treinamento de força, principalmente no quesito autonomia.

  20. Treinamento aeróbio não altera pressão arterial de mulheres menopausadas e com síndrome metabólica Aerobic training does not alter blood pressure in menopausal women with metabolic syndrome

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aluísio Henrique Rodrigues de Andrade Lima

    2012-11-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A Hipertensão arterial (HA é uma condição tanto agravante quanto agravada pela Síndrome Metabólica (SM. A menopausa pode tornar o tratamento da hipertensão mais difícil porque é uma condição que favorece a piora nos componentes da SM. Embora existam evidências de que o treinamento com exercícios físicos reduza a pressão arterial, se as condições da menopausa e da SM afetam os benefícios induzidos pelo exercício é algo ainda não evidenciado. OBJETIVO: Comparar os efeitos do treinamento aeróbio na pressão arterial entre mulheres com SM não menopausadas e menopausadas. MÉTODOS: Foram recrutadas 44 mulheres divididas em quatro grupos experimentais: controle não menopausada (CNM: 39,5 ± 1,1 anos, n = 11; controle menopausada (CM: 54,9 ± 1,7 anos, n = 12; aeróbio não menopausada (ANM: 43,1 ± 2,1 anos, n = 11 e aeróbio menopausada (AM: 52,1 ± 1,6 anos, n = 10. Os grupos de exercício realizaram treinamento aeróbio durante três meses, cinco vezes por semana, com intensidade entre 60% e 70% da frequência cardíaca de reserva. A pressão arterial de repouso e a resposta pressórica clínica após 60 minutos de exercício foram medidas antes e após o período treinamento. O teste de ANOVA de dois fatores foi usado, considerando p 0,05. CONCLUSÃO: Três meses de treinamento aeróbio melhora componentes da SM, mas não altera a pressão arterial de repouso, nem a resposta pressórica aguda após uma sessão de exercício aeróbio em mulheres com SM.BACKGROUND: Arterial Hypertension (AH is an aggravating condition for Metabolic Syndrome (MS, as well as being aggravated by it. Menopause can make hypertension treatment more difficult, as it favors the worsening of MS components. Although there is evidence that exercise training reduces blood pressure, whether menopause and SM affect the exercise-induced benefits is yet to be elucidated. OBJECTIVE: To compare the effects of aerobic training on blood pressure in

  1. Efeitos do treinamento de resistência de força com alto número de repetições no consumo máximo de oxigênio e limiar ventilatório de mulheres Effects of strength resistance training with high number of repetitions on maximal oxygen uptake and ventilatory threshold in women

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thiago Mattos Frota de Souza

    2008-12-01

    Full Text Available Os efeitos do treinamento com pesos na aptidão cardiorrespiratória de mulheres não estão amplamente definidos. O estudo teve como objetivo investigar os efeitos do treinamento de resistência de força com alto número de repetições no consumo máximo de oxigênio e limiar ventilatório em mulheres jovens. Participaram deste estudo 20 mulheres, com idade de 21,2 ± 2,7 anos, agrupadas em: I - grupo de treinamento de resistência de força com alto número de repetições (GT, n = 10 e II - controle (GC, n = 10. Todas as voluntárias foram submetidas ao seguinte protocolo: antropometria, teste cardiopulmonar em esteira rolante e testes de 1RM nos exercícios: leg-press 45º, cadeira extensora, mesa flexora, supino reto, puxador costas, desenvolvimento com a barra, rosca direta e tríceps com a barra. Os testes foram realizados antes e após 12 semanas. No período proposto, os grupos realizaram: I - GT: exercícios resistidos, os mesmos dos testes de 1RM, com três séries de 25 repetições, com aproximadamente 30% de 1RM; II - GC: não realizou nenhum treinamento físico. Após 12 semanas, o GC não apresentou alterações nas variáveis estudadas (p > 0,05. O GT apresentou aumento significante da massa magra (p 0,05. Conclui-se que o treinamento de resistência de força com alto número de repetições proporcionou melhora da potência aeróbia das voluntárias, evidenciado pelo aumento do consumo máximo de oxigênio, embora não tenha modificado o limiar ventilatório.The effects of strength training on women's cardiorespiratory capacity have not been widely established. The purpose of this study was to investigate the effects of resistance strength training with high number of repetitions on maximum oxygen uptake and ventilatory threshold in young women during 12 weeks. Twenty women, aged 21.2 + 2.7 years, were included in the study and assigned to two groups: I - resistance strength training with high number of repetitions group (TG

  2. Neuromuscular Electrical Stimulation for Motor Restoration in Hemiplegia

    Science.gov (United States)

    Knutson, Jayme S.; Fu, Michael J.; Sheffler, Lynne R.; Chae, John

    2015-01-01

    Synopsis This article reviews the most common therapeutic and neuroprosthetic applications of neuromuscular electrical stimulation (NMES) for upper and lower extremity stroke rehabilitation. Fundamental NMES principles and purposes in stroke rehabilitation are explained. NMES modalities used for upper and lower limb rehabilitation are described and efficacy studies are summarized. The evidence for peripheral and central mechanisms of action is also summarized. PMID:26522909

  3. Neuromuscular stimulation after stroke: from technology to clinical deployment

    NARCIS (Netherlands)

    IJzerman, Maarten Joost; Renzenbrink, Gerbert J.; Geurts, Alexander C.H.

    2009-01-01

    Since the early 1960s, electrical or neuromuscular electrical stimulation (NMES) has been used to support the rehabilitation of stroke patients. One of the earliest applications of NMES included the use of external muscle stimulation to correct drop-foot after stroke. During the last few decades

  4. Neuromuscular stimulation after stroke: from technology to clinical deployment.

    NARCIS (Netherlands)

    IJzerman, M.J.; Renzenbrink, G.J.; Geurts, A.C.H.

    2009-01-01

    Since the early 1960s, electrical or neuromuscular electrical stimulation (NMES) has been used to support the rehabilitation of stroke patients. One of the earliest applications of NMES included the use of external muscle stimulation to correct drop-foot after stroke. During the last few decades

  5. Roles of neuro-exocytotic proteins at the neuromuscular junction

    NARCIS (Netherlands)

    Sons-Michel, Michèle S.

    2011-01-01

    The aim of the studies described in the thesis was to elucidate the roles of several neuro-exocytotic proteins at the motor nerve terminal in neuromuscular synaptic transmission, making use of genetic knockout (KO) mice, each missing one (or more) neuro-exocytotic proteins. In addition, it was

  6. Validation of the ICF core set for neuromuscular diseases

    NARCIS (Netherlands)

    Bos, Isaac; Stallinga, H. A.; Middel, B.; Kuks, J. B. M.; Wynia, K.

    Background. Understanding of the consequences of a neuromuscular disease (NMD) can improve when a valid sample of disease-specific categories based on the International Classification of Functioning, Disabilities, and Health (ICF) is available. Objective. To examine the content validity of the

  7. Validation of the ICF core set for neuromuscular diseases

    NARCIS (Netherlands)

    K. Wynia; J.B. Kuks; H.A. Stallinga; B. Middel; I. Bos

    2013-01-01

    BACKGROUND: Understanding of the consequences of a neuromuscular disease (NMD) can improve when a valid sample of disease-specific categories based on the International Classification of Functioning, Disabilities, and Health (ICF) is available. OBJECTIVE: To examine the content validity of the

  8. Neuromuscular Bandage: Neurophysiological Effects and the Role of Fascias

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ximena María Villota Chicaíza

    2014-05-01

    Full Text Available During the last years, neuromuscular bandage, a therapeutic application created in 1979 by doctor Kenzo Kase has been introduced in the management of many disorders of the musculo-skeletal system and even more so in the treatment of neurological disorders; This therapeutic tool which consists of a self adhesive elastic bandage allows recovery of the injured party without diminishing its bodily function. According to the existing literature on the physiological effects of this therapeutic application in the body, you could say that there is consensus. However in this article the author wants to highlight the significant although little highlighted role played by the fas¬cias on the therapeutic effects of neuromuscular bandage, analyzing from a reflective perspective the analgesic, neuromechanical and circulatory effects, as fundamental effects of neuromuscular bandage and fascias in the same function, trying to bring a global understanding on the way they relate to all connective tissues, aspects that are of great importance for the proper evaluation of alterations and prescription of neuromuscular bandage

  9. Diagnostic value of CT scanning in neuromuscular diseases

    International Nuclear Information System (INIS)

    Bulcke, J.A.L.; Leuven Univ.; Herpels, V.

    1983-01-01

    The diagnosis of myopathies has become easier since the CT technique is available. In this article the possibilities of CT for diagnostic procedures of neuromuscular diseases are pointed out. Density measurements increase differentiation of atrophy or hypertrophy of muscles as well as other pathological changes. (orig.)

  10. Deep neuromuscular block improves the surgical conditions for laryngeal microsurgery.

    Science.gov (United States)

    Kim, H J; Lee, K; Park, W K; Lee, B R; Joo, H M; Koh, Y W; Seo, Y W; Kim, W S; Yoo, Y C

    2015-12-01

    Adequate neuromuscular block is required throughout laryngeal microsurgery. We hypothesized that the surgical conditions would improve under a deeper level of rocuronium-induced neuromuscular block. Seventy-two patients undergoing laryngeal microsurgery were randomly allocated to either the 'post-tetanic counts 1-2' (PTC1-2) group or the 'train-of-four counts 1-2' (TOFcount1-2) group according to the level of neuromuscular block used. Two different doses of rocuronium (1.2 or 0.5 mg kg(-1)) were used after anaesthetic induction, and two respective targets of neuromuscular block (post-tetanic counts ≤2 or train-of-four count of 1 or 2) were used. Surgical conditions were assessed by the surgeon using a five-point rating scale (extremely poor/poor/acceptable/good/optimal), and clinically acceptable surgical conditions were defined as those which were rated acceptable, good, or optimal. The occurrence of vocal cord movement and postoperative adverse events was assessed. The surgical conditions were significantly different between the PTC1-2 and TOFcount1-2 groups (extremely poor/poor/acceptable/good/optimal: 0/2/1/7/26 and 3/10/2/14/7, respectively, Pneuromuscular block (post-tetanic count of 1-2) surgical conditions in patients undergoing laryngeal microsurgery improves. NCT01980069. © The Author 2015. Published by Oxford University Press on behalf of the British Journal of Anaesthesia. All rights reserved. For Permissions, please email: journals.permissions@oup.com.

  11. Neuromuscular function during stair descent in meniscectomized patients and controls

    DEFF Research Database (Denmark)

    Thorlund, Jonas Bloch; Roos, Ewa M; Aagaard, Per

    2011-01-01

    The aim of this study was to identify differences in knee range of motion (ROM), movement speed, ground reaction forces (GRF) profile, neuromuscular activity, and muscle coactivation during the transition between stair descent and level walking in meniscectomized patients at high risk of knee...

  12. Drug Development and Challenges for Neuromuscular Clinical Trials.

    Science.gov (United States)

    El Mouelhi, Mohamed

    2016-03-01

    Drug development process faces many challenges, including those encountered in clinical trials for neuromuscular diseases. Drug development is a lengthy and highly costly process. Out of 10 compounds entering first study in man (phase 1), only one compound reaches the market after an average of 14 years with a cost of $2.7 billion. Nevertheless, according to the Centers for Medicare and Medicaid services, prescription drugs constituted only 9 % of each health care dollar spent in USA in 2013. Examples of challenges encountered in neuromuscular clinical trials include lack of validated patient-reported outcome tools, blinding issues, and the use of placebo in addition to lack of health authority guidance for orphan diseases. Patient enrollment challenge is the leading cause of missed clinical trial deadlines observed in about 80 % of clinical trials, resulting in delayed availability of potentially life-saving therapies. Another specific challenge introduced by recent technology is the use of social media and risk of bias. Sharing personal experiences while in the study could easily introduce bias among patients that would interfere with accurate interpretation of collected data. To minimize this risk, recent neuromuscular studies incorporate as an inclusion criterion the patient's agreement not to share any of study experiences through social media with other patients during the study conduct. Consideration of these challenges will allow timely response to the high unmet medical needs for many neuromuscular diseases.

  13. Use of nondepolarizing neuromuscular blocking agents in mechanically ventilated patients.

    Science.gov (United States)

    Buck, M L; Reed, M D

    1991-01-01

    The pharmacology and history of development of nondepolarizing neuromuscular blocking agents are presented, and the pharmacokinetics and pharmacodynamics of these agents, administration guidelines for mechanically ventilated patients, adverse effects, factors affecting paralysis, and methods for blockade reversal are reviewed. Nondepolarizing neuromuscular blocking agents (tubocurarine, metocurine, pancuronium, vecuronium, and atracurium) are frequently used to induce prolonged pharmacologic paralysis in patients in the intensive-care unit (ICU). These agents are poorly absorbed after oral administration and must be administered by injection, preferably by the i.v. route. Individualized adjustment of the dose is necessary to maintain the desired degree of paralysis. Dosing modifications may be necessary in patients with underlying renal or hepatic diseases and in pediatric and geriatric patients. Patients with thermal burns require larger doses of these drugs than other patients. These agents can cause several important adverse effects, including histamine release, cardiovascular changes, and muscle atrophy. Pathophysiologic variables and drug interactions can affect the degree of paralysis. Generally, patients no longer requiring paralysis in the ICU will be allowed to spontaneously regain muscle function after drug therapy has been discontinued. If the effects of the nondepolarizing neuromuscular blocking agents must be reversed more rapidly, acetylcholinesterase-inhibiting agents such as physostigmine, neostigmine, pyridostigmine, and edrophonium can be used. Nondepolarizing neuromuscular blocking agents can be used to paralyze mechanically ventilated patients, facilitating optimal oxygenation and ventilation.

  14. Imaging of respiratory muscles in neuromuscular disease: A review.

    Science.gov (United States)

    Harlaar, L; Ciet, P; van der Ploeg, A T; Brusse, E; van der Beek, N A M E; Wielopolski, P A; de Bruijne, M; Tiddens, H A W M; van Doorn, P A

    2018-03-01

    Respiratory muscle weakness frequently occurs in patients with neuromuscular disease. Measuring respiratory function with standard pulmonary function tests provides information about the contribution of all respiratory muscles, the lungs and airways. Imaging potentially enables the study of different respiratory muscles, including the diaphragm, separately. In this review, we provide an overview of imaging techniques used to study respiratory muscles in neuromuscular disease. We identified 26 studies which included a total of 573 patients with neuromuscular disease. Imaging of respiratory muscles was divided into static and dynamic techniques. Static techniques comprise chest radiography, B-mode (brightness mode) ultrasound, CT and MRI, and are used to assess the position and thickness of the diaphragm and the other respiratory muscles. Dynamic techniques include fluoroscopy, M-mode (motion mode) ultrasound and MRI, used to assess diaphragm motion in one or more directions. We discuss how these imaging techniques relate with spirometric values and whether these can be used to study the contribution of the different respiratory muscles in patients with neuromuscular disease. Copyright © 2017. Published by Elsevier B.V.

  15. Comparison of the Effect of Neuromuscular Electrical Stimulation ...

    African Journals Online (AJOL)

    Children with cerebral palsy (CP) often demonstrate poor hand function due to spasticity. Thus spasticity in the wrist and finger flexors poses a great deal of functional limitations. This study was therefore designed to compare the effectiveness of Cryotherapy and Neuromuscular Electrical Stimulation (NMES) on spasticity ...

  16. Neuromuscular and mitochondrial disorders: what is relevant to the anaesthesiologist?

    NARCIS (Netherlands)

    Driessen, J.J.

    2008-01-01

    PURPOSE OF REVIEW: The review provides an up-to-date information to the anaesthesiologist about the more frequent and important neuromuscular disorders for which new basic insights or clinical implications have been reported. RECENT FINDINGS: The findings include the mechanisms of the hyperkalemia

  17. Volume of the effect compartment in simulations of neuromuscular block

    NARCIS (Netherlands)

    Nigrovic, Vladimir; Proost, Johannes H.; Amann, Anton; Bhatt, Shashi B.

    2005-01-01

    Background: The study examines the role of the volume of the effect compartment in simulations of neuromuscular block (NMB) produced by nondepolarizing muscle relaxants. Methods: The molar amount of the postsynaptic receptors at the motor end plates in muscle was assumed constant; the apparent

  18. neuromuscular disease mimicking myasthenia gravis in a nigerian

    African Journals Online (AJOL)

    neuromuscular diseases characterized by abnormal neurotransmission at the motor endplate resulting .... Gait was normal. An assessment of background Myasthenia Gravis in remission with Cor Pulmonale to rule out. Cardiomyopathy and Chronic renal failure was made. She was commenced on intravenous frusemide ...

  19. Biochemistry of Neuromuscular Diseases: A Course for Undergraduate Students

    Science.gov (United States)

    Ohlendieck, Kay

    2002-01-01

    This article outlines an undergraduate course focusing on supramolecular membrane protein complexes involved in the molecular pathogenesis of neuromuscular disorders. The emphasis of this course is to introduce students to the key elements involved in the ion regulation and membrane stabilization during muscle contraction and the role of these…

  20. Selective activation of neuromuscular compartments within the human trapezius muscle

    DEFF Research Database (Denmark)

    Holtermann, A; Roeleveld, K; Mork, P J

    2009-01-01

    to >12% and selective activation of at least one of the four anatomical subdivisions of the trapezius...... of the human trapezius muscle can be independently activated by voluntary command, indicating neuromuscular compartmentalization of the trapezius muscle. The independent activation of the upper and lower subdivisions of the trapezius is in accordance with the selective innervation by the fine cranial and main...

  1. Organizing Multidisciplinary Care for Children with Neuromuscular Diseases

    NARCIS (Netherlands)

    van der Velde, M.F.; Kortbeek, Nikky; Litvak, Nelli

    The Academic Medical Center (AMC) in Amsterdam, The Netherlands, recently opened the `Children's Muscle Center Amsterdam' (CMCA). The CMCA diagnoses and treats children with neuromuscular diseases. These patients require care from a variety of clinicians. Through the establishment of the CMCA,

  2. Manejo de longo prazo em crianças com transtornos neuromusculares Long-term management of children with neuromuscular disorders

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eugen-Matthias Strehle

    2009-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: A distrofia muscular de Duchenne é o tipo mais comum de miopatia genética. Contudo, existe um grande número de doenças neuromusculares hereditárias que são individualmente muito raras e sobre as quais não há muita informação clínica disponível. Este artigo de revisão baseia-se na experiência do autor em uma clínica pediátrica para tratamento de doenças musculares e apresenta orientação prática e planos terapêuticos para os problemas frequentemente encontrados. FONTES DE DADOS: O banco de dados da MEDLINE foi pesquisado com o objetivo de localizar artigos recentes e relevantes para o manejo de crianças com miopatias e neuropatias hereditárias. Uma coorte de 200 pacientes foi avaliada através de análise estatística descritiva. SÍNTESE DOS DADOS: A distrofia muscular de Duchenne representou quase metade dos diagnósticos, seguida da atrofia muscular espinhal (12%, da distrofia muscular de Becker e da distrofia miotônica (7% cada. Dezesseis pacientes (9% apresentaram miopatia de origem desconhecida. CONCLUSÕES: Assim como ocorre com outras doenças crônicas, esses pacientes devem passar por acompanhamento periódico realizado por profissionais de saúde desde cedo para aumentar sua expectativa de vida e melhorar sua qualidade de vida. É útil para os médicos adotarem uma abordagem estruturada ao atender crianças com transtornos neuromusculares e monitorar todos os sistemas de órgãos afetados.OBJECTIVE: Duchenne muscular dystrophy is the commonest genetic myopathy but there exist a large number of inherited neuromuscular diseases which individually are very rare and where clinical information is not widely available. This review is based on the author's experience in a pediatric muscle clinic and provides practical guidance and treatment plans for frequently encountered problems. SOURCES: A MEDLINE search was conducted to retrieve recent articles relevant to the management of children with

  3. (Mal adaptações metabólicas ao treinamento contínuo: concepções não consensuais de terminologia e diagnóstico Metabolic (mal adaptations to training continuum: misconceptions of terminology and diagnosis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Franz Homero Paganini Burini

    2010-10-01

    Full Text Available Altos desempenhos esportivos demandam treinamentos pesados necessários ao estímulo adaptativo específico a cada esporte. A elevada carga de treino é geralmente acompanhada de discreta fadiga e reduções agudas no desempenho, mas caso acompanhada de períodos apropriados de recuperação, resulta em supercompensação metabólica ao treinamento, refletida como aumento na capacidade aeróbica e/ou força muscular. Visto como contínuo, os processos de intensificação do treinamento e o estresse relacionado à supercompensação, o aumento da sobrecarga ou do estresse poderá, em algum momento, acarretar a quebra da homeostase e a queda temporária da função (supra-alcance - OR ou supra-alcance funcional - FOR. Quando a sobrecarga excessiva de treinamento é combinada com recuperação inadequada há instalação do estado de supratreinamento (OT ou supra-alcance não funcional (NFOR. O OT excede o OR, cujo pico é também o limiar do OT resultando em desadaptações fisiológicas e queda crônica do desempenho físico. A forma crônica de desadaptação fisiológica ao treinamento físico é chamada de síndrome do supertreinamento (OTS. A própria expressão da síndrome denota a etiologia multifatorial do estado e reconhece que o exercício não é necessariamente seu único fator causal. O diagnóstico de OTS é baseado na recuperação ou não do desempenho. Não há biomarcador objetivo para OTS. A distinção entre OTS e NFOR (supratreinamento extremo é dependente de desfecho clínico e exclusão diagnóstica de doenças orgânicas, mais comuns na OTS. Também a diferença entre OR e OT é sutil e nenhum de seus marcadores bioquímicos pode ser universalizado. Não há evidências confirmatórias que OR evolui para OT ou que os sintomas de OT são piores dos que os de OR. Apenas pela fadiga aguda e queda de rendimento experimentada em sessões isoladas de treinamento, não é possível diferenciar presentemente os estados de OR e OT

  4. Proposition end validation of regressive mathematical models to estimate maximum dynamic force from predictive neuromuscular variables

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ney Marcos da Luz Pedroso

    2002-12-01

    Full Text Available The purpose of this study was to propose and validate mathematical models to estimate the Maximum Dynamic Force (MDF from predictive neuromuscular variables, and to verify if they are upheld by a statistic process of cross-validation, The sample consisted of 75 women, 18 to 30 years of age, and well acquainted with Resistance Weight Exercises (RWE. The sample was divided into two groups: group I (n=55 utilized in the statistical process for developing the proposed mathematical models, and group II (n=20 utilized for the process of validation of those models. independent variables were the neuromuscular Maximum Repetitions (MR executed in the Frontal Pull (FP and Knee Flexion (KF exercises. The dependent variable was MDF measured on 10 RWE apparatus by means of the 1 MR test, according to the Moura et al. protocol (1997. Multiple Regression Analysis was used to produce proposed mathematical models, and cross-validation (Lohman, 1992, with signifi cance set at p RESUMO Neste estudo buscou-se propor e validar modelos matemáticos para estimativa da Força Dinâmica Máxima (FDM a partir de variáveis preditivas neuromusculares, e verifi car se estes são sustentados através de um processo estatístico de validação cruzada. Para tal selecionou-se uma amostra composta por 75 mulheres na faixa etária 18 a 30 anos, todas familiarizadas com Exercícios Resistidos com Pesos (ERP. A amostra foi seccionada em dois grupos: grupo I (n=55 utilizado no processo estatístico de proposição dos modelos matemáticos, e grupo II (n=20 utilizado para o processo de validação destes modelos. As variáveis independentes foram as neuromusculares Repetições Máximas (RMs realizadas nos exercícios Puxada Frontal (PF e Flexão de Joelhos (FJ. A variável dependente foi a FDM mensurada em 10 aparelhos de ERP através do teste de 1RM, protocolo de Moura et al. (1997. Utilizou-se da Análise de Regressão Múltipla para proposição dos modelos matemáticos, e para

  5. O treinamento de força com e sem o uso da plataforma vibratória é capaz de modular a variabilidade da frequência cardíaca em repouso? Strength training with and without a vibration platform is capable to modulate heart rate variability?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo Poles Urso

    2012-09-01

    Full Text Available Esse trabalho comparou a variabilidade da frequência cardíaca (VFC de repouso antes e após 10 semanas de treinamento de força de grupos que usaram e não usaram a plataforma vibratória. Dezessete homens saudáveis foram divididos nos grupos treinamento de força convencional (TF ou treinamento de força sobre a plataforma vibratória a frequência de 30 Hz (TF+V30. As mensurações do desempenho de força dinâmica máxima (1-RM no exercício meio agachamento e da VFC de repouso foram feitas antes e após o programa de treinamento. Ambos os grupos tiveram aumento significante da força no período pós (de 15,1% no grupo TF e de 16,4% no grupo TF+V30, no entanto esse aumento se alterou na mesma magnitude para os dois grupos, não havendo diferença entre eles no desempenho de 1-RM nos períodos pré e pós-treinamento. Não foi observada diferença nas comparações entre os grupos e nas situações pré e pós-treinamento nas análises da VFC de repouso, no entanto a magnitude do effect size foi moderada (ES = 0,50-0,80 para algumas variáveis (intervalo R-R, desvio-padrão da média de todos os intervalos R-R - SDNN, raiz quadrada da média dos quadrados das diferenças entre os intervalos R-R sucessivos - RMSSD, componente de baixa frequência ajustada por meio de logarítmico - InLF e componente de alta frequência ajustada por meio de logarítmico - InHF no grupo TF+V30 após o período de treinamento. Conclui-se que 10 semanas de treinamento de força com e sem a presença da vibração proporcionou aumento semelhante no desempenho de 1-RM em ambos os grupos e, embora o estímulo adicional da vibração tenha dado indícios de maior atividade vagal analisado por meio do ES, nenhum dos grupos apresentou alteração significante da VFC.The current research compared resting heart rate variability (VFC before and after 10 weeks of strength training in groups that used and did not use a vibration platform. Seventeen healthy men were

  6. Does a mental training session induce neuromuscular fatigue?

    Science.gov (United States)

    Rozand, Vianney; Lebon, Florent; Papaxanthis, Charalambos; Lepers, Romuald

    2014-10-01

    Mental training, as physical training, enhances muscle strength. Whereas the repetition of maximal voluntary contractions (MVC) induces neuromuscular fatigue, the effect of maximal imagined contractions (MIC) on neuromuscular fatigue remains unknown. Here, we investigated neuromuscular alterations after a mental training session including MIC, a physical training session including MVC, and a combined training session including both MIC and MVC of the elbow flexor muscles. Ten participants performed 80 MIC (duty cycle, 5-s MIC and 10-s rest), 80 MVC (identical duty cycle), or 80 MVC and 80 MIC (5-s MVC, 2-s rest, 5-s MIC, and 3-s rest) in three separate sessions. MVC torque was assessed five times over the course of the training and 10 min after the end of the training in the three protocols. Central activation ratio (CARc), reflecting central fatigue, and corticospinal excitability, at rest and during MIC, were estimated using transcranial magnetic stimulation. Both the physical training and the combined training induced an approximately 40% drop of MVC torque, accompanied with an approximately 10% decrease of CARc without significant difference between the two sessions. On the contrary, the repetition of MIC did not reduce maximal force production capacity and did not alter CARc. Corticospinal excitability was always facilitated during MIC compared with that during rest, ensuring that the participants imagined the desired movement. These results suggested that one session of mental training alone or combined with physical training do not induce (additional) neuromuscular fatigue despite the repetitive activation of the corticospinal track. Motor imagery may be added to physical practice to increase the total workload without exacerbating neuromuscular fatigue.

  7. Neuromuscular Activity of Micrurus laticollaris (Squamata: Elapidae Venom in Vitro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alejandro Carbajal-Saucedo

    2014-01-01

    Full Text Available In this work, we have examined the neuromuscular activity of Micrurus laticollaris (Mexican coral snake venom (MLV in vertebrate isolated nerve-muscle preparations. In chick biventer cervicis preparations, the MLV induced an irreversible concentration- and time-dependent (1–30 µg/mL neuromuscular blockade, with 50% blockade occurring between 8 and 30 min. Muscle contractures evoked by exogenous acetylcholine were completely abolished by MLV, whereas those of KCl were also significantly altered (86% ± 11%, 53% ± 11%, 89% ± 5% and 89% ± 7% for one, three, 10 and 30 µg of venom/mL, respectively; n = 4; p < 0.05. In mouse phrenic nerve-diaphragm preparations, MLV (1–10 µg/mL promoted a slight increase in the amplitude of twitch-tension (3 µg/mL, followed by neuromuscular blockade (n = 4; the highest concentration caused complete inhibition of the twitches (time for 50% blockade = 26 ± 3 min, without exhibiting a previous neuromuscular facilitation. The venom (3 µg/mL induced a biphasic modulation in the frequency of miniature end-plate potentials (MEPPs/min, causing a significant increase after 15 min, followed by a decrease after 60 min (from 17 ± 1.4 (basal to 28 ± 2.5 (t15 and 12 ± 2 (t60. The membrane resting potential of mouse diaphragm preparations pre-exposed or not to d-tubocurarine (5 µg/mL was also significantly less negative with MLV (10 µg/mL. Together, these results indicate that M. laticollaris venom induces neuromuscular blockade by a combination of pre- and post-synaptic activities.

  8. EFEITO DO TREINAMENTO DE FORÇA SOBRE A QUALIDADE DE VIDA EM IDOSAS

    OpenAIRE

    EDER RODRIGO MARIANO

    2012-01-01

    A força muscular é uma variável relevante durante o envelhecimento por estar associada à capacidade funcional do sistema músculoesquelético do ser humano, em especial, do idoso. A perda de unidades motoras (sarcopenia) e o declínio na capacidade neural de recrutamento de tais unidades (dinapenia) ocorrem a partir da quinta década de vida, acentuam-se após os 60 anos e agravam-se com o decorrer dos anos. A diminuição na qualidade da contração muscular pode comprometer a autonomia e a independê...

  9. Treinamento esfincteriano precoce: prevalência, características materna da criança e fatores associados numa coorte de nascimentos

    OpenAIRE

    Mota,Denise Marques; Barros,Aluisio Jardim Dornellas

    2008-01-01

    OBJETIVOS: avaliar a prevalência de crianças sem fraldas, a idade de início do treinamento esfincteriano e a expectativa materna em relação à aquisição deste controle numa coorte de nascimentos. MÉTODOS: todas as crianças nascidas em 2004 em Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil, foram incluídas em um estudo longitudinal. Aos 12 meses, as crianças tiveram seu desenvolvimento avaliado e as mães questionadas sobre o início do treinamento esfincteriano e expectativa em relação à idade da retirada d...

  10. Otimização de sequencias de estimulação eletrica neuromuscular para a restauração de movimentos dos membros superioresde tetraplegicos

    OpenAIRE

    Telma Dagmar Oberg

    1995-01-01

    Resumo: Nas duas últimas décadas, a estimulação elétrica neuromuscular tem sido considerada um importante instrumento em muitas áreas da reabilitação. Para o tetraplégico ela tem sido usada, principalmente, na restauração de movimentos dos membros superiores que é prioridade em s