WorldWideScience

Sample records for terapia intensiva aberta

  1. Sendo enfermeira no centro de terapia intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adrina Katia Corrêa

    1995-09-01

    Full Text Available Encaminhando-me na perspectiva da fenomenologia, minha proposta é apreender, através dos depoimentos das enfermeiras que trabalham no CTI, os significados que as mesmas atribuem a essa vivência. Ao refletir sobre tais significados, aliando-os à minha experiência profissional, busco compreender o fenômeno ser enfermeira no CTI. Coletei depoimentos escritos das enfermeiras que atuavam no centro de terapia intensiva da Unidade de Emergência do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina - Ribeirão Preto - USP, tendo como questão orientadora: o que significa para você ser enfermeira no CTI. Da análise desses depoimentos (MARTINS, 1992, emergiram as categorias temáticas, revelando que ser enfermeira no CTI é cuidar diretamente dos pacientes, é ter capacidade administrativa, é conviver com máquinas e equipamentos, exige muitos requisitos e o domínio de conhecimentos específicos, é desempenhar um trabalho importante, de responsabilidade e gratificante, bem como, conviver com situações limitantes e de estresse. A partir de uma reflexão compreensiva do modo de ser da enfermeira desse CTI, pretendo contribuir para busca de novas perspectivas do fazer, ampliando seu horizonte de possibilidades.

  2. Cuidado paliativo e enfermeiros de terapia intensiva: sentimentos que ficam

    OpenAIRE

    Natyele Rippel Silveira; Eliane Regina Pereira do Nascimento; Luciana Martins da Rosa; Walnice Jung; Sabrina Regina Martins; Moisés dos Santos Fontes

    2016-01-01

    RESUMO Objetivo: conhecer os sentimentos dos enfermeiros acerca dos cuidados paliativos em unidades de terapia intensiva de adultos. Método: estudo qualitativo, cujo referencial teórico adotado foi o das Representações Sociais, realizado com 30 enfermeiros do estado de Santa Catarina incluídos por amostragem Bola de Neve. Os dados foram coletados por meio de entrevistas semiestruturadas realizadas de abril a agosto de 2015, organizados e analisados por meio do Discurso do Sujeito Coletivo. ...

  3. Novos conceitos em cuidados paliativos na unidade de terapia intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristina Bueno Terzi Coelho

    Full Text Available RESUMO Alguns dos pacientes admitidos em uma unidade de terapia intensiva podem enfrentar condições de doença terminal, que geralmente levam à morte. O conhecimento sobre cuidados paliativos é recomendado para os profissionais de saúde encarregados do cuidado destes pacientes. Em muitas situações, os pacientes devem ser avaliados diariamente, já que a introdução de novos tratamentos pode ou não ser benéfica para eles. As discussões entre os membros da equipe de saúde, relacionadas ao prognóstico e aos objetivos do tratamento, devem ser avaliadas cuidadosamente em cooperação com os pacientes e seus familiares. A adoção na unidade de terapia intensiva de protocolos relacionados a pacientes em final da vida é fundamental. É importante ter uma equipe multidisciplinar para determinar se é necessário deixar de iniciar ou mesmo retirar tratamentos avançados. Além disto, pacientes e familiares devem ser informados de que os cuidados paliativos envolvem o melhor tratamento possível para aquela situação específica, assim como respeitar suas vontades e considerar as bases sociais e espirituais dos mesmos. Assim, o objetivo desta revisão foi apresentar os cuidados paliativos como uma opção razoável para dar suporte à equipe da unidade de terapia intensiva na assistência a pacientes com doença terminal. São apresentadas atualizações com relação a dieta, ventilação mecânica e diálise nestes pacientes. Ainda, discutiremos o programa, comum nos Estados Unidos, conhecido como filosofia hospice, como alternativa ao ambiente da unidade de terapia intensiva/hospital.

  4. Prevenzione delle infezioni ospedaliere in una terapia intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    G.B. Orsi

    2003-05-01

    Full Text Available

    Obiettivi: sorveglianza delle infezioni ospedaliere (IO nell’unità di terapia intensiva (UTI di un grande ospedale romano.

    Metodi. tutti i pazienti ricoverati nell’UTI tra il 1.1.2000 ed il 31.12.2001 per ›48 ore. Lo studio, applicando le definizioni di caso dei CDC, ha considerato le seguenti infezioni: infezioni polmonari (POL, setticemie (SET, infezioni delle vie urinarie (IVU, infezioni della ferita chirurgica (IFC. Inoltre sono stati valutati eventuali fattori di rischio preesistenti, procedure invasive, isolamento dei microrganismi e loro suscettibilità agli antibiotici.

    Sulla base dei risultati epidemiologici preliminari, dall’ottobre 2000 al marzo 2001 sono stati effettuati una serie di interventi che hanno modificato alcune importanti variabili associate alle IO.

  5. Fenômeno vivido por familiares de pacientes internados em unidade de terapia intensiva

    OpenAIRE

    Comassetto, Isabel; Enders, Bertha Cruz

    2009-01-01

    COMASSETTO, Isabel, ENDERS, Bertha Cruz. Fenômeno vivido por familiares de pacientes internados em Unidade de Terapia Intensiva. Revista Gaúcha de Enfermagem., Porto Alegre(RS), v.30,n., p.46-53. Mar. 2009. Disponivel em: . RESUMO: O propósito deste estudo foi compreender o fenômeno vivido pelos familiares durante a internação do seu parente na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Teve como referencial a fenomenol...

  6. Crenças que permeiam a humanização da assistência em unidade de terapia intensiva pediátrica

    OpenAIRE

    Maria Cristina Pauli; Regina Szylit Bousso

    2003-01-01

    O presente estudo teve como objetivo conhecer as crenças das enfermeiras, em relação à assistência humanizada na Unidade de Terapia Intensiva pediátrica (UTIp). A coleta de dados foi realizada com entrevistas abertas com cinco enfermeiras, depois gravadas e transcritas em sua íntegra. O conteúdo foi analisado, tendo, como referencial teórico, o interacionismo simbólico e, como referencial metodológico, a Teoria Fundamentada em Dados. Com este estudo, foi possível entender que a enfermeira, me...

  7. AS CORES DO AMBIENTE DA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nélio Barbosa Boccanera

    2004-12-01

    Full Text Available Os objetivos deste trabalho foram descrever as cores mais freqüentemente utilizadas nas paredes, tetos, mobiliários e roupas das Unidades de Terapia Intensiva e verificar com os funcionários e pacientes desta unidade as cores que gostariam que existissem dentro deste ambiente e a associação que eles estabelecem com as cores. Foi realizada pesquisa descritiva exploratória, com enfoque quanti-qualitativo. A amostra foi constituída de pacientes e profissionais da UTI de três hospitais públicos de Goiânia em 2002. Observou-se a existência de cores monótonas e neutras nestes ambientes, em tons que vão do branco ao preto, enquanto outras nuanças de cores aparecem num percentual menor. Constatou-se uma preferência pelas cores azul-claro, branco, verde-claro e amarelo entre os dois seguimentos pesquisados. Concluiu-se que as pessoas estabelecem associações com as cores; que a cor pode auxiliar no estabelecimento do equilíbrio e contribuir para harmonia do corpo, da mente e das emoções.

  8. A atuação do profissional fisioterapeuta em unidades de terapia intensiva neonatal

    OpenAIRE

    Rita Casciane Simão Reis Theis; Laís Rodrigues Gerzson; Carla Skilhan Almeida

    2016-01-01

    Objetivo: revisar na literatura atual, a atuação do profissional fisioterapeuta em unidades de terapia intensiva neonatal. Método: como estratégia, foi realizada busca nas bases de dados MEDLINE (via PubMed), Cochrane CENTRAL, Lilacs e PEDro, publicado nos últimos dez anos. Além de busca manual em referências de estudos já publicados sobre o assunto. Foram encontrados 20 artigos. A busca compreendeu os seguintes descritores "Fisioterapia motora”, “Unidade de terapia intensiva neonatal”, “técn...

  9. Conforto na perspectiva de familiares de pessoas internadas em Unidade de Terapia Intensiva

    OpenAIRE

    Freitas, Kátia Santana; Menezes, Igor Gomes; Mussi, Fernanda Carneiro

    2012-01-01

    O estudo objetivou compreender o significado de conforto para familiares de pessoas em Unidade de Terapia Intensiva. Trata-se de pesquisa qualitativa realizada na Unidade de Terapia Intensiva de um hospital, em Salvador-Bahia. Entrevistaram-se quatorze familiares. Recorreu-se aos pressupostos teóricos do Interacionismo Simbólico e à técnica de análise de dados qualitativos. Os resultados apontaram que as categorias Segurança, Acolhimento, Informação, Proximidade, Suporte social e espiritual, ...

  10. Cuanta más psicología, mejor: eficacia para dejar de fumar. De la terapia cognitiva conductual intensiva y de los parches de nicotina combinados con terapia cognitiva conductual intensiva y menos intensiva

    OpenAIRE

    Ignacio Gabino Fernández Arias; María Paz García-Vera; Jesús Sanz

    2014-01-01

    Para comparar la eficacia para dejar de fumar de la terapia cognitiva conductual intensiva (TCC/I), la TCC/I con parches de nicotina (TCC/I+PN) y la terapia cognitiva conductual no intensiva con parches de nicotina (TCC/NI+PN) se realizó un estudio experimental de medidas repetidas con 235 fumadores adultos asignados aleatoriamente a uno de esos tres tratamientos. Entre los pacientes que completaron el tratamiento (n = 152) la TCC/I+PN mostró tasas de abstinencia a los 6 meses y al año, mayor...

  11. Estressores em familiares de pacientes internados na unidade de terapia intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Angélica Adam Barth

    Full Text Available RESUMO Objetivo: Identificar e estratificar os principais fatores estressores para os familiares de pacientes internados na unidade de terapia intensiva adulto de um hospital escola. Métodos: Estudo transversal descritivo com familiares de pacientes internados na unidade de terapia intensiva no período de abril a outubro de 2014. Foi utilizado questionário contendo identificação e dados demográficos dos familiares, dados clínicos dos pacientes, bem como 25 fatores estressores adaptados da Escala de Estressores em Unidade de Terapia Intensiva. O grau de estresse de cada fator foi determinado por uma escala de valores pontuando de 1 a 4. Os fatores estressores foram ranqueados conforme média dos pontos obtida. Resultados: A principal causa de admissão na unidade de terapia intensiva foi clínica em 36 (52,2% casos. Os principais fatores estressores foram a presença do estado de coma (3,15 ± 1,23, o paciente não conseguir falar (3,15 ± 1,20 e o motivo da internação (3,00 ± 1,27. Quando retirados da análise os 27 (39,1% pacientes em coma, os fatores de maior estresse para os familiares foram o motivo da internação (2,75 ± 1,354, ver o paciente na unidade de terapia intensiva (2,51 ± 1,227 e o paciente não conseguir falar (2,50 ± 1,269. Conclusão: A dificuldade na comunicação e na relação com o paciente internado na unidade de terapia intensiva foi apontada como os maiores estressores por seus familiares, com destaque para o estado de coma. Por outro lado, o ambiente, as rotinas de trabalho e a relação entre familiar e equipe da unidade de terapia intensiva tiveram menor impacto como fatores estressores.

  12. Aspectos funcionais e psicologicos imediatamente apos alta da Unidade de Terapia Intensiva: coorte prospectiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrini Silveira Vesz

    2013-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar aspectos funcionais e psicológicos dos pacientes imediatamente após alta da unidade de terapia intensiva. MÉTODOS: Coorte prospectiva. Na primeira semana após alta da unidade de terapia intensiva, por meio de uma entrevista estruturada, foram aplicados questionários e escalas referentes à avaliação do grau de dependência e da capacidade funcional (escalas de Barthel modificada e Karnofsky, e aos problemas psíquicos (questionário hospitalar de ansiedade e depressão, além da escala de sonolência de Epworth, em todos os sobreviventes com mais de 72 horas de internação na unidade de terapia intensiva, admitidos de agosto a novembro de 2012. RESULTADOS: Nos 79 pacientes incluídos no estudo, houve aumento do grau de dependência após a alta da unidade de terapia intensiva, quando comparados aos dados pré-hospitalização, por meio da escala de Barthel modificada (57±30 versus 47±36; p40, o prejuízo foi uniforme em todas as categorias da escala de Barthel modificada (p<0,001. Já nos 15 pacientes previamente muito dependentes (Karnofsky <40, o prejuízo ocorreu somente nas categorias de higiene pessoal (p=0,01 e na capacidade de subir escadas (p=0,04. Na avaliação dos distúrbios psicológicos, os transtornos do humor (ansiedade e/ou depressão ocorreram em 31% dos pacientes e os distúrbios do sono em 43,3%. CONCLUSÃO: Em pacientes internados na unidade de terapia intensiva por 72 horas ou mais, observaram-se redução da capacidade funcional e aumento do grau de dependência na primeira semana após alta da unidade de terapia intensiva, bem como elevada incidência de sintomas depressivos, de ansiedade e distúrbios do sono.

  13. Cuanta más psicología, mejor: eficacia para dejar de fumar. De la terapia cognitiva conductual intensiva y de los parches de nicotina combinados con terapia cognitiva conductual intensiva y menos intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ignacio Gabino Fernández Arias

    2014-01-01

    Full Text Available Para comparar la eficacia para dejar de fumar de la terapia cognitiva conductual intensiva (TCC/I, la TCC/I con parches de nicotina (TCC/I+PN y la terapia cognitiva conductual no intensiva con parches de nicotina (TCC/NI+PN se realizó un estudio experimental de medidas repetidas con 235 fumadores adultos asignados aleatoriamente a uno de esos tres tratamientos. Entre los pacientes que completaron el tratamiento (n= 152 la TCC/I+PN mostró tasas de abstinencia a los 6 meses y al año, mayores que la TCC/NI+PN, mientras que la TCC/I mostró tasas de abstinencia que no eran significativamente diferentes de las de los otros dos tratamientos. Estos resultados sugieren que los parches de nicotina se deberían utilizar siempre con una terapia cognitiva conductual lo más intensiva posible y que la utilización de esta última terapia en solitario debería gozar de mayor relevancia en las guías clínicas para dejar de fumar.

  14. Estilos de cuidar de enfermeiras na Terapia Intensiva mediados pela tecnologia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael Celestino da Silva

    2014-04-01

    Full Text Available Objetivou-se analisar as representações sociais de enfermeiras de terapia intensiva sobre as práticas de cuidado, face à tecnologia. Realizou-se entrevistas com vinte e uma enfermeiras de um centro de terapia intensiva, em hospital público do Rio de Janeiro. Aplicouse análise lexical, com uso do Alceste 2010. Os resultados se organizaram em duas categorias, cada qual com três classes lexicais. A primeira trouxe o sentido da tecnologia na terapia intensiva e a organização dos estilos de cuidar; a segunda mostrou a condição do cliente e suas repercussões na prática de cuidar das enfermeiras. Concluiu-se que a tecnologia organiza os estilos de cuidar das enfermeiras, que se constroem na assistência ao cliente no contexto do trabalho. Estes conduzem as enfermeiras a atribuírem sentidos às suas práticas, levando-os a elaboração de modos de atuar em face das tecnologias.

  15. PERFIL DO ENFERMEIRO DE TERAPIA INTENSIVA EM DIFERENTES REGIÕES DO BRASIL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata Andrea Pietro Pereira Viana

    2014-01-01

    Full Text Available Investigación cuantitativa cuyo objetivo fue identificar el perfil sociodemográfico y académico de los enfermeros intensivistas asociados y participantes en eventos promovidos por el Departamento de Enfermería de la Asociación de Medicina Intensiva Brasileña. La recolección de datos se dio por medio de la distribución de 400 cuestionarios, en el período de enero a julio de 2010. Retornaron 324 cuestionarios y solo se consideraron para el análisis 295. Los datos fueron analizados con recursos de estadística descriptiva de frecuencia absoluta relativa y medias simples presentadas en tablas. Los resultados evidencian el predominio de sexo femenino, con formación de Post-Grado Lato Sensu, específico en el área. Dentro de las competencias se valorizan el conocimiento técnico científico y liderazgo. Estos profesionales buscan actuar en la terapia intensiva por la alta complejidad tecnológica. Se admite la existencia de un perfil profesional para trabajar en la unidad de terapia intensiva. La calificación profesional debe priorizar el dominio del lenguaje tecnológico y la asistencia integral y segura.

  16. Eventos vitais estressores e lesão renal aguda em centros de terapia semi-intensiva e intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Denise Para Diniz

    2012-03-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Diversos estudos evidenciam que as alterações fisiopatológicas, quando associadas ao estresse, podem influenciar a fisiologia renal e estão associadas ao aparecimento de doenças. Entretanto, não foi encontrado nenhum estudo que tivesse realizado investigação associando estresse e lesão renal aguda. OBJETIVO: Avaliar a associação entre os eventos vitais estressores e o diagnóstico de lesão renal aguda, especificando as classes de eventos mais estressores para esses pacientes, nos últimos 12 meses. MÉTODOS: Estudo caso-controle. Foi realizado no Hospital São Paulo da Universidade Federal de São Paulo e no Hospital dos Servidores do Estado de São Paulo. Foram incluídos pacientes com lesão renal aguda, sem doenças crônicas, assistidos em Centros de Terapia Intensiva ou semi-intensivas. Os Controles incluíram pacientes assistidos nos mesmos Centros de Terapia Intensiva, com outras doenças agudas, exceto lesão renal aguda e, também, sem doenças crônicas. Dos 579 pacientes inicialmente identificados, 475 responderam ao instrumento Social Readjustment Rating Scale (SRRS e 398 pacientes foram pareados por idade e sexo (199 casos/199 controles. RESULTADOS: Constatou-se que a frequência dos eventos vitais estressores nos casos apresentava equivalência estatística aos controles. A regressão logística para examinar os efeitos combinados das variáveis independentes associados aos eventos estressantes evidenciou que: o aumento da idade e as classes econômicas AB intensificam a chance da presença do evento estressante em cerca de duas vezes; as classes socioeconômicas AB do Hospital São Paulo elevam a chance de evento estressante. CONCLUSÕES: O presente estudo não evidenciou que o grupo com lesão renal aguda estivesse associado à maior frequência de eventos estressores, mas idade e renda elevadas e, ainda, o tipo de centro clínico estão associados.

  17. A atuação do profissional fisioterapeuta em unidades de terapia intensiva neonatal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rita Casciane Simão Reis Theis

    2016-06-01

    Full Text Available Objetivo: revisar na literatura atual, a atuação do profissional fisioterapeuta em unidades de terapia intensiva neonatal. Método: como estratégia, foi realizada busca nas bases de dados MEDLINE (via PubMed, Cochrane CENTRAL, Lilacs e PEDro, publicado nos últimos dez anos. Além de busca manual em referências de estudos já publicados sobre o assunto. Foram encontrados 20 artigos. A busca compreendeu os seguintes descritores "Fisioterapia motora”, “Unidade de terapia intensiva neonatal”, “técnicas fisioterapêuticas”, “Motor Physiotherapy”, “neonatal intensive care unit”, “physiotherapeutic techniques. Resultados: a fisioterapia é parte da assistência multiprofissional proporcionada nas unidades de terapia intensiva (UTIs. O contínuo desenvolvimento do tratamento fisioterapêutico nas UTIs neonatais levou às melhores técnicas e recursos para essa população. A fisioterapia motora está entre os procedimentos utilizados com a preocupação de diminuir atraso no desenvolvimento neuropsicomotor dos recém-nascidos (RNs. Conclusões: a função do fisioterapeuta no atendimento em UTIs neonatais é identificar o melhor tratamento, a fim de intervir precocemente nas possíveis disfunções motoras advindas do tempo de internação prolongado dos RNs. Cada vez mais, a inserção do profissional fisioterapeuta se faz necessário na assistência multidisciplinar ao recém-nascido pré-termo. Em geral, constatou-se que a fisioterapia desempenha um papel importante dentro das UTIs neonatais, promovendo resultados importantes na qualidade de vida desses recém-nascidos e seus familiares.

  18. Familiares de pacientes com AVC em unidade de terapia intensiva: impactos do adoecimento

    OpenAIRE

    Joana Galdieri Torres

    2011-01-01

    Este estudo tem como objetivo principal, conhecer o impacto do adoecimento para os familiares de pacientes vítimas de AVC, que se encontram internados em unidade de terapia intensiva. Habitualmente, a literatura tem mostrado trabalhos realizados com familiares de pacientes em situação crônica de adoecimento; estudos que contemplem os familiares no momento inicial do adoecimento ainda são escassos. Os instantes iniciais de internamento em uma UTI configuram-se como um desafio a ser enfrentado ...

  19. Humanização da fisioterapia em Unidade de Terapia Intensiva Adulto: estudo transversal

    OpenAIRE

    Mondadori, Aléxia Gabrielly; Zeni, Emanuelly de Moraes; Oliveira, Alani de; Silva, Cristiane Cosmo da; Wolf, Vaneza Lira Waldow; Taglietti, Marcelo

    2016-01-01

    RESUMO Para promover qualidade de vida aos pacientes internados na unidade de terapia intensiva (UTI), há a necessidade e obrigação de humanizar o atendimento, em que somos comprometidos a prevenir, cuidar, proteger e recuperar, ou seja, promover saúde. O fisioterapeuta exerce um papel fundamental na reabilitação dos pacientes internados em UTI, e, além de qualidade técnica, deve prezar pela qualidade relacional de sua assistência, a fim de transmitir confiança e de estar atento às necessidad...

  20. Factores de riesgo de neumonía nosocomial en terapia intensiva. Hospital “Dr. Ernesto Guevara”

    OpenAIRE

    Yadira Santiesteban Escalona; Eduardo José Ortiz Bello; Héctor Rodríguez Martínez; Osmany Rojas Téllez; Nadiezhda Georgina Girbau Vistorte

    2015-01-01

    Se realizó un estudio analítico, de tipo caso control pareados 1:2, para determinar los factores de riesgo de neumonía nosocomial en pacientes ingresados en terapia intensiva del Hospital “Dr. Ernesto Guevara de la Serna” de Las Tunas, en el período de enero de 2010 a diciembre de 2011. El universo fue de 1035 pacientes ingresados en terapia intensiva (UCI), en dicho período, de ellos constituyeron la muestra, denominada “casos”, 56 pacientes que desarrollaron Neumonía Nosocomial durante su e...

  1. CULTURA DE SEGURANÇA DO PACIENTE EM TERAPIA INTENSIVA: RECOMENDAÇÕES DA ENFERMAGEM

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Janeide Freitas de Mello

    2013-01-01

    Full Text Available Estudio cuantitativo, de tipo investigativo, transversal y comparativo que tuvo por objeto sistematizar las recomendaciones de enfermería sobre la seguridad del paciente en dos Unidades de Terapia Intensiva adulta de la Grande Florianópolis-SC, Brasil, en 2011. Resultó de la respuesta a una pregunta cualitativa aplicada con el Hospital Survey on Patient Safety Culture para 97 profesionales, con una tasa de respuesta del 93,8% correspondiente a 91 profesionales, y obtuvo 267 recomendaciones, clasificadas de acuerdo con las dimensiones del instrumento utilizado. Hubo un mayor número de recomendaciones para las dimensiones: aprendizaje organizacional y la mejora continua, con sugerencias envolviendo a la capacitación y al entrenamiento; personal en relación con la cuestión cuantitativa; y la percepción general de la seguridad, indicándose la mejoría de los procedimientos, los procesos y el apoyo de la gestión hospitalaria, dando énfasis a la mejoría de los recursos materiales y equipamientos. Destacadas por otros estudios, estas recomendaciones son esenciales para la promoción de la seguridad del paciente en las Unidades de Terapia Intensiva estudiadas.

  2. O CUIDADO HUMANIZADO EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA: UMA REVISÃO BIBLIOGRAFICA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silviamar Camponogara

    2011-01-01

    Full Text Available RESUMO: O estudo objetivou conhecer que publicações têm sido divulgadas, na área da enfermagem, a cerca da humanização em Unidade de Terapia Intensiva (UTI. Constitui-se em uma revisão sistemática, cujos dados foram coletados nas bases de dados LILACS e BDENF, com recorte temporal entre 2000 a 2009. Após leitura do material foi realizada categorização e discussão dos dados. Os resultados evidenciam que quatro temas são destacados com maior relevância na produção científica: o ambiente da Unidade de Terapia Intensiva; uso de tecnologias em detrimento do cuidado; o trabalhador como protagonista da humanização em UTI; dificuldades vivenciadas pela equipe de enfermagem para implementar a humanização na UTI. A humanização é apontada como forma de resgatar a dignidade humana, mas somente será realidade se for compreendida sua real importância e os profissionais se sentirem protagonistas desse processo na UTI.

  3. O significado cultural do cuidado humanizado em unidade de terapia intensiva: "muito falado e pouco vivido"

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vila Vanessa da Silva Carvalho

    2002-01-01

    Full Text Available Este trabalho consistiu em um estudo etnográfico, cujo objetivo foi compreender o significado cultural do cuidado humanizado, na perspectiva da equipe de enfermagem que atua na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Goiás. Para a coleta de dados, foram realizadas observações participantes e entrevistas semi-estruturadas com enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, em seu ambiente de trabalho. Com a análise dos dados, emergiram três categorias principais que deram sentido ao significado do cuidado humanizado na UTI: cuidado Humanizado - amar ao próximo como a si mesmo; cuidado humanizado - não está presente como deveria estar; estresse e sofrimento: é preciso cuidar de quem cuida. O tema cultural foi o cuidado humanizado - muito falado e pouco vivido. Esse tema mostra a realidade do cuidar em terapia intensiva, envolvendo uma equipe de enfermagem que tem um conceito de humanização sintetizado na expressão: amar ao próximo como a si mesmo, mas que, na prática, não revela esse pensamento tão profundo.

  4. Perspectivas filosóficas do uso da tecnologia no cuidado de enfermagem em terapia intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camila Rose G. Barcelos Schwonke

    2011-02-01

    Full Text Available O contexto de assistência à saúde vem sendo influenciado por mudanças produzidas no âmbito da tecnologia o que tem gerado diversas inquietações e indagações acerca dos benefícios, riscos e das relações construídas entre trabalhadores, doentes e a utilização de máquinas como instrumentos imprescindíveis ao cuidado. O objetivo deste artigo foi refletir sobre o uso da tecnologia no cuidado de enfermagem ao doente crítico em terapia intensiva. Espera-se com estas reflexões minimizar arestas que permeiam os ambientes tecnologizados como a terapia intensiva e as concepções de cuidado de enfermagem que neste campo da assistência em saúde envolve o uso de máquinas e equipamentos que oferecem suporte avançado de vida

  5. FUNÇÕES DESEMPENHADAS PELO ENFERMEIRO EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Micheli Grande Cenedési

    2012-01-01

    Full Text Available Estudio exploratorio, con enfoque cualitativo con objetivo general de identificar las funciones desarrolladas por enfermero en la Unidad de Terapia Intensiva, siguiendo el marco canadiense de función del enfermero (atención, educar, coordinar, supervisar y colaborar. Los datos fueron recolectados en 2009 mediante aplicación de cuestionario y observación sistemática de nueve enfermeros de una unidad de terapia intensiva de un hospital privado de Curitiba-PR, Brasil. Los datos obtenidos fueron clasificados por la técnica de análisis de contenido. Los resultados indican que los enfermeros son en su mayoría mujeres jóvenes, que no tienen experiencia en la unidad de cuidados intensivos. La observación de las actividades presenta que todas las funciones descritas en el marco son desarrolladas por los enfermeros del servicio, donde las funciones de coordinación, supervisión y atención técnica son las más significativas.

  6. Enfermeiros de Unidade de Terapia Intensiva adulto: avaliação sobre medida direta e indireta da pressão arterial

    National Research Council Canada - National Science Library

    Almeida, Taciana da Costa Farias; Lamas, José Luiz Tatagiba

    2013-01-01

    Estudo descritivo e de corte transversal que teve como objetivo avaliar e autoavaliar o conhecimento de enfermeiros de Unidades de Terapia Intensiva adulto sobre medida direta e indireta da pressão arterial...

  7. REVISÃO DE LITERATURA: SITUAÇÃO NUTRICIONAL DO PACIENTE EM UMA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rose-Eloíse Holanda

    2017-06-01

    Full Text Available A Unidade de Terapia Intensiva surgiu a partir da necessidade de aperfeiçoamento e concentração de recursos materiais e humanos para o atendimento a pacientes graves, em estado crítico. Tendo em vista o risco nutricional do paciente, é fundamental que haja o estabelecimento de uma oferta de alimentos adequada para o controle da desnutrição. O enfermeiro e sua equipe têm um importante papel em identificar os pacientes que estão na unidade de terapia intensiva. O estudo teve como objetivo identificar, na base de dados LILACS, todas as produções sobre o suporte nutricional do paciente em unidade de terapia intensiva. Revisão bibliográfica do tipo narrativa, realizada em 2011. Para organização e análise dos artigos foi utilizado o formulário do estudo de Ursi. Como resultado, observou-se que todos os artigos falavam sobre terapia nutricional enteral e parenteral, visando sempre a melhora do prognóstico de várias doenças clínicas e cirúrgicas em doentes crônicos, agudos e críticos. Percebe-se, ainda, a importância do cuidado integral aos pacientes críticos internados em uma unidade de terapia intensiva utilizando o suporte nutricional adequado, fundamental nos cuidados dispensados ao paciente crítico, devido às evidências científicas que comprovam que o estado nutricional interfere diretamente na sua evolução clínica.

  8. Gerenciamento de tecnologia em terapia intensiva Gerenciamiento de tecnología en terapia intensiva Management of technology in Intensive Care Units

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cátia Romano Madureira

    2000-12-01

    Full Text Available A vida do paciente no hospital depende dos procedimentos diagnóstico-terapêuticos e cuidado da equipe de saúde, além da qualidade e disponibilidade de fatores como: estrutura física, recursos materiais, humanos e financeiros. A necessidade de otimizar estes recursos e restaurar a saúde, fez surgir as Unidades de Terapia Intensivas (UTI's, cujo projeto deve considerar o ambiente físico e equipamentos clínicos indispensáveis ao cuidar. Objetivando identificar o nível de conhecimento dos profissionais de saúde sobre as informações técnico-operacionais contidas nos manuais dos equipamentos e a percepção dos entrevistados quanto a adequação das instalações físicas e elétricas destas unidades, realizamos um estudo descritivo numa UTI de um hospital público de Salvador. Os resultados mostraram que estas instalações foram consideradas inadequadas ao desempenho seguro de suas atividades, e que a maioria desconhece as especificações técnico-operacionais dos manuais dos equipamentos.La vida del enfermo en el hospital depende de los procedimientos diagnóstico- terapéuticos y del esmero del equipo de salud, además de la calidad y disponibilidad de factores como: organismo físico, recursos materiales, humanos y financieros. La necesidad de mejorar estos recursos y restaurar la salud, hizo surgir las Unidade de Terapia Intensiva (UTIS cuyo proyecto debe considerar el ambiente físico y los equipos clínicos indispensables para el cuidado. Con el objeto de identificar los conocimientos de los profesionales de salud sobre las informaciones técnico-operacionales existentes en los manuales de los equipos y la percepción de los entrevistados en relación con la adecuación de las instalaciones físicas y eléctricas (de estas unidades, hicimos un análisis en una UTI de un hospital general de Salvador. Los resultados mostraron que estas unidades son inseguras para las actividades y que la mayor parte de las personas desconoce las

  9. Cuidado humanizado em terapia intensiva: um estudo reflexivo Cuidado humanizado en terapia intensiva: un estudio reflexivo Humanized care in intensive therapy: a reflexive study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joselany Áfio Caetano

    2007-06-01

    Full Text Available Objetivou-se neste estudo conhecer o significado da assistência humanizada prestada a pacientes em tratamento intensivo sob a ótica de dezessete profissionais de saúde que trabalhavam na Unidade de Terapia Intensiva de um hospital filantrópico situado na região metropolitana da cidade de Sobral - CE, Brasil. Para a coleta de dados, utilizou-se um instrumento contendo a seguinte pergunta: Qual o significado da humanização da assistência para você? Dos dados emergiram três categorias de análise: conforto emocional; conforto físico e compromisso profissional, cuja análise revela a melhoria da assistência não configurada nos avanços da tecnologia, mas, em valores pessoais, na compreensão do verdadeiro significado do cuidado, o direcionamento da assistência ao conforto físico e emocional associado ao cuidado que visa amenizar a dor; cuidar com compromisso aplicando a prática humanística. Conclui-se que o processo de cuidar humanístico leva os profissionais a refletir acerca das suas posturas pessoais e acadêmicas, fortalecendo sempre o trabalho em equipe.Se objetivó en este estudio conocer el significado de la asistencia ofrecida a los pacientes en tratamiento intensivo sobre la óptica de los diecisiete profesionales de salud que trabajó en la Unidad de la Terapia Intensiva de un hospital filantrópico situado en la región próxima de la ciudad de Sobral - Ceará, Brasil. Para la colecta de datos se utilizó una herramienta conteniendo la siguiente pregunta: ¿Cuál es el significado de la humanización de asistencia para usted? Los datos recogidos, emergieron en tres categorías de análisis: conforto emocional; conforto físico y compromiso profesional, el análisis señaló la mejoría de la asistencia no configurada en los avances de la tecnología, todavía en valores personales y la comprensión del verdadero significado de la atención y en el direccionamiento de la asistencia al conforto físico y emocional asociado

  10. Nutrição enteral: complicações gastrointestinais em pacientes de uma unidade de terapia intensiva

    OpenAIRE

    Telles, Jean Lucas Hasmann; Boton, Camila Rosaria Monteiro; Mariano, Maria Luiza Lobato; Bocarra de Paula, Maria Angela

    2015-01-01

    Objetivou-se avaliar a incidência de complicações gastrointestinais em pacientes submetidos a suporte nutricional exclusivo por via enteral em Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Estudo descritivo, retrospectivo com abordagem quantitativa por meio de avaliação de 250 prontuários de pacientes internados no ano de 2010 e 2011. Dos prontuários estudados, 166 (66%) apresentaram registro de alguma complicação gastrointestinal após o início da terapia nutricional, sendo a diarreia presente em 94 (5...

  11. Experiência clínica com o uso de sedativos em terapia intensiva: estudo retrospectivo

    OpenAIRE

    Geraldo Rolim Rodrigues Júnior; José Luiz Gomes do Amaral

    2002-01-01

    JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Dentre as indicações mais freqüentes de sedação em pacientes internados em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) estão a instituição e a manutenção de ventilação artificial, a ansiedade e procedimentos desconfortáveis ou dolorosos. O objetivo deste estudo retrospectivo foi verificar as indicações e as técnicas mais comuns de sedação em pacientes graves internados na Unidade de Terapia Intensiva Cirúrgica da Escola Paulista de Medicina (EPM/UNIFESP) durante um período ...

  12. Qualidade de vida, estresse e repercussões na assistência: equipe de enfermagem de uma unidade de terapia intensiva = Life quality, stress and repercussions in the assistance: nursing staff of an intensive care unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Stumm, Eniva Miladi Fernandes

    2009-01-01

    Full Text Available A pesquisa avalia a qualidade de vida no trabalho da enfermagem em uma Unidade de Terapia Intensiva. É analítica, descritiva, transversal, desenvolvida na Unidade de Terapia Intensiva de um hospital geral, com 15 profissionais. Os instrumentos de coleta de dados são constituídos de um questionário baseado em Walton (1973, de dados sociodemográficos e de duas questões abertas. Para análise dos dados utiliza-se SPSS e estatística descritiva. A maioria é mulher, casada, 64,3% com 30 a 50 anos de idade; demonstra insatisfação com o salário e avalia a assistência ao paciente satisfatoriamente. Mais da metade declara que o hospital não proporciona condições de crescimento e se manteve neutra quanto ao diálogo e posicionamento; 60% mantêm bom relacionamento com gerências, a maioria (80% com colegas; para 66,7% o horário de trabalho não prejudica o relacionamento familiar. Para a maioria, as funções não afetam o equilíbrio emocional fora do trabalho e se sentem realizados. Os profissionais convivem com estressores e admitem a interferência na assistência

  13. Terminalidade da vida em terapia intensiva: posicionamento dos familiares sobre ortotanásia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Fernanda Gonçalves dos Santos

    2011-12-01

    Full Text Available OBJETIVOS: O objetivo deste estudo foi avaliar o posicionamento dos familiares sobre a ortotanásia, ao considerar controle dos sintomas, preferência do paciente e influência da satisfação da comunicação do tratamento informado pela equipe médica. MÉTODOS: Foi realizado um estudo descritivo na unidade de terapia intensiva geral adulto do Hospital do Servidor Público Estadual durante o período de um ano. Utilizou-se um questionário estruturado, baseado no Quality of Dying and Death (QODD 22 e entrevista informal prévia. RESULTADOS: Foram avaliados 60 familiares, com 51,7 ± 12,1 anos, sendo 81,7 % do sexo feminino. Os pacientes estavam internados em média por 31 ± 26,9 dias, sendo que 17,0% dos dias na unidade de terapia intensiva. A maioria apresentava doença neurológica. A maioria dos pacientes (53,3% discutiu o desejo de cuidados de final de vida com a família, mas 76,7% dos pacientes não discutiram com seu médico (p<0,00. Os familiares responderam a favor da ortotanásia em 83,3 %; a maioria (85,0% gostaria que a equipe médica discutisse claramente o assunto e 65,0% desejavam participar do processo de decisão de qualidade de final de vida. Quanto à satisfação dos familiares em relação às informações médicas: 93,3% consideraram ter adequada freqüência na comunicação do estado clínico; 81,7% conseguiram tirar as dúvidas sobre o estado clínico do paciente; em 83,3% a comunicação foi compreendida e 80,0% consideraram terem recebido as informações com clareza e honestidade. Somente 43,3% dos familiares gostaria de presenciar o momento da morte de seu ente querido. Houve associação significativa do posicionamento dos familiares sobre ortotanásia e participação na decisão de final de vida (p = 0,042. CONCLUSÕES: A maioria dos familiares entrevistada foi a favor da ortotanásia, e gostaria de participar da tomada de decisão de qualidade de final de vida.

  14. Enfermeiros de Unidade de Terapia Intensiva adulto: avaliação sobre medida direta e indireta da pressão arterial Enfermeros de Unidad de Terapia Intensiva adultos: evaluación sobre medición directa e indirecta de la presión arterial Nurses of adult Intensive Care Unit: evaluation about direct and indirect blood pressure measurement

    National Research Council Canada - National Science Library

    Taciana da Costa Farias Almeida; José Luiz Tatagiba Lamas

    2013-01-01

    Estudo descritivo e de corte transversal que teve como objetivo avaliar e autoavaliar o conhecimento de enfermeiros de Unidades de Terapia Intensiva adulto sobre medida direta e indireta da pressão arterial...

  15. Internações em unidade de terapia intensiva neonatal no Brasil - 1998-2001 Hospitalización en unidad de terapia intensiva neonatal en Brasil - 1998-2001 Hospitalization in neonatal intensive care units in Brazil - 1998-2001

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ivone Kamada

    2003-08-01

    Full Text Available Este trabalho tem por objetivos levantar a evolução do registro de dados sobre Unidades de Terapia Intensiva Neonatal, no Brasil; comparar o número de leitos de Unidades de Terapia Intensiva Neonatais com o número de leitos de Unidades de Terapia Intensiva em geral e verificar sua distribuição por Unidades da Federação. Houve aumento no número de leitos e nas autorizações para internações relativas à terapia intensiva. As porcentagens entre o total de leitos de terapia intensiva e leitos de UTIN variam de Estado para Estado, sendo 17% em São Paulo, 25% no Rio Grande do Sul e no Paraná, 29,5%. O Estado de São Paulo apresenta o maior número de leitos, seguido pelo Rio Grande do Sul.Este trabajo tiene como objetivos: conocer la evolución del registro de datos sobre Unidades de Terapia Intensiva Neonatal en Brasil; comparar el número de camas de Unidades de Terapia Intensiva Neonatales con el número de camas de Unidades de Terapia Intensiva en general y verificar su distribución por los Estados de Brasil. Hubo aumento en el número de camas y en las autorizaciones para hospitalizaciones en la unidad de terapia intensiva. Los porcentajes entre el total de camas de terapia intensiva y camas de las unidades de terapia intensiva neonatal varían de acuerdo con el Estado, siendo 17% en São Paulo, 25% en el Rio Grande do Sul y 29,5% en Paraná. El Estado de São Paulo presenta el mayor número de camas, seguido por Rio Grande do Sul.This study aimed at obtaining information on the development of data records in Neonatal Intensive Care Units in Brazil; comparing the number of beds in Neonatal Intensive Care Units with that in Intensive Care Units in general and assessing their distribution in different Brazilian states. There has been an increase in the number of beds and authorizations for hospitalizations in intensive care units. The percentages indicating the total number of beds for intensive care and neonatal intensive care vary

  16. A morte em Unidade de Terapia Intensiva: percepções do enfermeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Edilene Nunes Fernandes

    2006-01-01

    Full Text Available Encarar a morte para os enfermeiros ainda gera muitas dificuldades, tornando-os angustiados por faltar habilidade para encarar este processo. Neste estudo, buscou-se identificar a compreensão do enfermeiro que trabalha em Unidade de Terapia Intensiva (UTI acerca do processo morte e o vivenciar da morte de pacientes. Utilizou-se a metodologia exploratória descritiva, através da técnica de entrevista aplicada a oito enfermeiras, sendo quatro ligadas a instituições públicas e quatro ligadas a serviços privados de grande porte, todos localizados no município de Fortaleza, no ano de 2002. A análise das convergências das falas permitiu a identificação de algumas unidades de significação como: compreendendo a morte, vivenciando e lidando com a morte do paciente. O trabalho subsidiará a prática dos docentes de cursos de graduação em enfermagem, levando-os a repensar a importância da introdução da tanatologia, como objeto de discussão permanente durante o processo de formação profissional.

  17. Nível de pressão sonora em Unidade de Terapia Intensiva Neonatal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Priscila Vendramini Peixoto

    2011-12-01

    Full Text Available Os objetivos deste estudo foram verificar o nível de pressão sonora (NPS de duas salas de Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN e identificar as suas fontes. É uma pesquisa quantitativa, descritiva, conduzida em duas salas de UTIN de hospital universitário de São Paulo - SP, Brasil. Registros de NPS foram realizados por três dosímetros, totalizando 261 horas de mensuração. Obteve-se 48 horas de registros das fontes que produzem ruídos. Os resultados indicam elevados níveis de pressão sonora nos dois ambientes. Os maiores níveis de Leq foram 71,0 dBA na sala A e 68,0 dBA na sala B. As principais fontes de ruído encontradas nas duas unidades foram ruído no corredor, trânsito e conversa entre os profissionais. Os resultados revelam que os NPS das salas da UTIN estão distantes dos recomendados pelos órgãos regulamentadores. Foi desenvolvido um protocolo e implementado um programa educativo, visando à redução dos níveis de pressão sonora.

  18. Qualidade de vida no trabalho e burnout em trabalhadores de enfermagem de Unidade de Terapia Intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Denise Rodrigues Costa Schmidt

    2013-02-01

    Full Text Available Estudo descritivo, correlacional, de corte transversal, cujos objetivos foram avaliar a Qualidade de Vida no Trabalho (QVT e a presença da Síndrome de Burnout entre profissionais de enfermagem de Unidade de Terapia Intensiva. Compuseram a amostra 53 trabalhadores de enfermagem de um hospital escola do interior do Paraná, Brasil. Utilizou-se para a coleta de dados: instrumento de caracterização sócio-demográfica e profissional, Escala Visual Analógica para QVT e o Maslach Burnout Inventory (MBI. A coleta de dados ocorreu entre abril e agosto de 2009. Predominaram auxiliares de enfermagem (52,8%, do sexo feminino (66,0%, casados (67,9%, com idade média de 42,4 anos. A média de QVT para o total da amostra foi de 71,1 (D.P.=15,5, demonstrando uma avaliação satisfatória para essa medida. As dimensões Exaustão Emocional, Despersonalização e Realização Profissional obtiveram média de 11,4 (DP=7,7, 4,6 (DP=4,1 e 25,0 (DP=5,9, respectivamente, enquanto a medida de QVT somente obteve associação estatisticamente significante com a dimensão Exaustão Emocional (p=0,000.

  19. Fisioterapia motora em pacientes adultos em terapia intensiva Motor physiotherapy in intensive care adult patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanessa Marcos Borges

    2009-12-01

    Full Text Available O objetivo desse estudo é realizar uma revisão da literatura abordando o tema fisioterapia motora para pacientes adultos em unidade de terapia intensiva. A busca de artigos científicos foi realizada nas bases de dados PubMed, MedLine (Literatura Internacional em Ciências e Saúde, LILACS (Literatura Latino Americana e do Caribe em Ciências e Saúde e Cochrane entre 1995 e dezembro de 2008 utilizando as palavras-chaves: physical therapy, mobilization and intensive care unit. Para efeito de comparação foram selecionados estudos controlados, randomizados e prospectivos, abordando o tema fisioterapia motora para pacientes adultos em unidade de terapia intensiva. Estudos em pediatria, experimentais, revisões sistemáticas e metanálises foram excluídos. Dos 121 artigos encontrados, apenas 4 preencheram aos critérios de inclusão. Dentre estes, três artigos abordavam sobre a aplicação da fisioterapia motora precoce em pacientes com diagnósticos variados, mostrando que estes indivíduos saíram mais cedo da cama, deambularam em menos dias e tiveram um menor tempo de permanência na unidade de terapia intensiva e no hospital. Além disso, os pacientes que receberam fisioterapia motora precoce apresentaram um menor tempo de ventilação mecânica. Já o outro artigo compara a aplicação da eletroestimulação associada à fisioterapia em pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica, mostrando um aumento na força muscular e menor tempo para a transferência destes indivíduos da cama para a cadeira em relação aos que receberam apenas fisioterapia. Os riscos da imobilização em doentes críticos ventilados mecanicamente não são bem esclarecidos. Entretanto, é evidente que os sobreviventes apresentem fraqueza e fadiga persistente, prejudicando sua qualidade de vida. A mobilização precoce é uma área nova e com poucas evidências até o momento. No entanto, recentes estudos têm confirmado que a mobilização em pacientes

  20. Enfermagem neonatal: o sentido existencial do cuidado na unidade de terapia intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rita de Cássia de Jesus Melo

    2013-10-01

    Full Text Available Entender que cuidado ao recém-nascido prematuro perpassa por diversas ações que estão, por vezes, imbricadas na rotina predominante nas Unidades de Terapia Intensiva Neonatal, requer que profissionais compreendam a sutileza entre o cuidado no sentido de atividades e procedimentos realizados no dia-a-dia, e cuidado no sentido existencial de ser e cuidar do outro. Este estudo, na abordagem fenomenológica heideggeriana, objetivou desvelar o sentido existencial do cuidado às mães de bebês prematuros internados em UTIN. Após aprovação pelo Comitê de Ética em Pesquisa, foram realizadas entrevistas com nove mães. A análise pelo método heideggeriano desvelou que o ser-mãe, ao ser-com-o-filho, também se sente cuidada pelos profissionais que propiciam que enfrente esse momento existencial de maneira mais segura.

  1. SENTIMENTOS DE PUÉRPERAS COM BEBÊS HOSPITALIZADOS EM UNIDADES DE TERAPIA INTENSIVA NEONATAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    ANA LUIZA SANTOS DE CARVALHO

    2007-01-01

    Full Text Available En este estudio se trató de entender los sentimientos de las puérperas con bebés hospitalizados en la Unidad Neonatal de Cuidado Intensivo. Se tratade una investigación exploratoria y descriptiva de carácter cualitativo realizada con seis madres que estaban junto a sus bebés internados en las Unidades Neonatales de Terapia Intensiva y de Cuidados Intermedios en una maternidad de Fortaleza, Ceará. Las informaciones se obtuvieron a través de la entrevista individual estructurada y ordenadas en dos categorías de análisis: Sentimientos que surgen en las madres cuando descubren que el recién nacido precisa ser hospitalizado y Sentimientos vividos durante el proceso de hospitalización del hijo recién nacido. Concluimos que una madre que experimenta la hospitalización de su recién nacido necesita cuidados efectivos para enfrentar mejor esta crisis, evitando que esta situación perjudique la salud física y emocional de la misma.

  2. DANO OCUPACIONAL NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA NEONATAL: A PERCEPÇÃO DA ENFERMEIRA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    MARIA ALVANI DIAS PEDROZA

    2006-01-01

    Full Text Available Se trata de estudio cuantitativo, exploratorio y descriptivo, con el objetivo de conocer la percepción de las enfermeras con respecto a la influencia del desempeño en la asistencia de enfermería y en el ambiente laboral. Tuvo por escenario la Unidad de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN de una maternidad escuela, en Fortaleza-CE. Recogimos los datos entre agosto y septiembre de 2004 a través de un cuestionario estructurado en parte, aplicado a 24 enfermeras activas. Verificamos que la mayor concentración de enfermeras (un 37,5% pertenece al grupo de las que ya tienen entre uno a cinco años de trabajo y que 19 (un 79% de ellas poseen otro trabajo, sometidas a una altísima carga horaria. El exceso de trabajo, el estrés y el ruido son los factores que más incomodan en el local, desencadenando el exceso de actividades y cansancio físico. Concluimos que el estrés existente en esta unidad es lo que causa mayor daño a la práctica laboral. El hecho de que esto ocurra con mucha frecuencia nos plantea una reflexión sobre las consecuencias que aporta a la salud del profesional /cuidador, mostrándonos la necesidad de mejorar las condiciones de trabajo.

  3. TAXAS DE INFECÇÃO HOSPITALAR EM UMA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA NEONATAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Waleska de Oliveira Bittencourt

    2009-09-01

    Full Text Available Trata-se de uma pesquisa descritiva quantitativa que teve o seguinte objetivo: identificar as taxas de infecção hospitalar relacionadas ao trato vascular em recém-nascidos hospitalizados na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal de um Hospital Universitário localizado no estado do Rio de Janeiro no período de 2005 a 2007. A amostra foi constituída todos os recém-nascidos internados em 2005 e 2007. Os resultados indicaram que, embora a taxa de infecções hospitalares em 2007 seja menor que no ano de 2005, a proporção de infecções relacionadas ao trato vascular sofreu um discreto aumento considerando as demais topografias. Embora a educação continuada seja empregada na unidade, acredita-se que fatores como a alta rotatividade de profissionais e o uso de mais cateteres venosos centrais na rotina reduzam sua efetividade. Desta forma, foram elaboradas algumas propostas para a redução das infecções hospitalares na unidade estudada.

  4. Vivências de pais diante da Unidade de Terapia Intensiva Neonatal: um estudo de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Suzane Pereira Busatta

    2011-01-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.5007/2178-4582.2011v45n1p135 O presente estudo buscou investigar a percepção dos pais sobre a internação de um filho internado em Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN. Foi utilizada a metodologia qualitativa, por meio de um estudo de caso e como instrumento de coleta de dados a entrevista semi-estruturada com um pai e uma mãe de um bebê prematuro internado em UTIN. O conteúdo das entrevistas foi analisado por meio da metodologia de análise de conteúdo, constituindo duas categorias e quatro subcategorias, que possibilitaram a compreensão de que o casal deste estudo vivenciou momentos de ambiva- lência de sentimentos, de uma rotina modificada pela hospitalização, bem como a busca de apoio para enfrentar estas situações. Percebeu-se a impor- tância do psicólogo no sentido de auxiliar os pais neste momento de sofri- mento psicológico.

  5. Cuidando do paciente no processo de morte na Unidade de Terapia Intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rudval Souza da Silva

    2011-06-01

    Full Text Available Este estudo buscou caracterizar o desenvolvimento do cuidar/cuidado de Enfermagem numa UTI ao paciente fora de possibilidade de cura (PFPC por enfermeiros. Foram entrevistadas dez enfermeiras. A pesquisa de campo foi realizada em uma Unidade de Terapia Intensiva de um hospital público de ensino. Para estas enfermeiras, não há uma uniformidade no cuidado. Além disso, evidenciou-se pelos relatos a existência de uma supervalorização dos cuidados técnicos em detrimento dos aspectos emocional, social e espiritual. Contudo, observou-se grande preocupação das enfermeiras com o sofrimento da família diante da perda. Os resultados evidenciam que as(os enfermeiras(os necessitam compreender a morte como parte do ciclo vital e repensar o cuidar/cuidado como essência da Enfermagem, ampliando as discussões sobre a temática tanto no âmbito acadêmico quanto na prática diária.

  6. Tecnologia na terapia intensiva e suas influências nas ações do enfermeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael Celestino da Silva

    2011-12-01

    Full Text Available Objetivou-se identificar as representações sociais de enfermeiros sobre a tecnologia aplicada em cuidados intensivos, e relacioná-las aos seus modos de agir no cuidado do paciente. Pesquisa qualitativa, cujo referencial teórico-metodológico foi o das representações sociais. Realizou-se entrevistas com 24 enfermeiros, observação sistemática e análise de conteúdo temática. Os resultados se organizaram em três categorias sobre o desconhecimento da linguagem tecnológica, estratégias de aproximação, seu domínio e sua aplicação. O saber/conhecimento necessário para o manuseio da tecnologia, e o tempo de experiência do seu manejo orientam as representações sociais dos enfermeiros, incidindo nas suas ações de cuidado. Conclui-se que a política de contratação de pessoal para trabalhar em cenário de terapia intensiva deve considerar as experiências e a formação especializada dos enfermeiros.

  7. DESAFIOS E ESTRATÉGIAS DAS ENFERMEIRAS NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA NEONATAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandra Neves de Melo Cardoso

    2010-01-01

    Full Text Available Los servicios de atención al recién nacido (RN deben ser estructurados y organizados y la participación del enfermero es esencial para la práctica de la atención. El objetivo fue describir los principales desafíos y estrategias de las enfermeras que trabajan en Unidad de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN. Investigación descriptiva y exploratoria, con enfoque cuantitativo, realizado en Fortaleza-CE-Brasil. Fueron entrevistadas 24 enfermeras de tres hospitales de renombre, utilizándose un cuestionario con preguntas abiertas y cerradas, de mayo a junio/2008. En cuanto a las dificultades surgidas en la asistencia, se destacaron: falta de recursos materiales 15 (34,0%; material inapropiado 8 (18,1%; %; profesionales técnicos poco cualificados 7 (15.9%; y aglomeración/lechos 5 (11.3%. De las estrategias, se destacaron: respuestas para los conocimientos científicos y tecnológicos 12 (35.2% y asistencia humanizada 9 (26,4%. Se cree que la actualización constante resulta en una mejora de la atención y del desempeño profesional, optimando su práctica. Se concluye que es esencial un cuidador orientado y capaz de ofrecer asistencia neonatal.

  8. Estresse, coping e burnout da Equipe de Enfermagem de Unidades de Terapia Intensiva: fatores associados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafaela Andolhe

    2015-12-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo Investigar o estresse emocional, o coping e burnout da equipe de enfermagem e a associação com fatores biossociais e do trabalho em Unidade de Terapia Intensiva (UTI. Método Estudo transversal, realizado em oito UTI de hospital-escola, do município de São Paulo, em 2012. Coletaram-se dados biossociais e de trabalho dos profissionais, juntamente com Escalas de Estresse no Trabalho, Coping Ocupacional, Lista de Sinais e Sintomas e Inventário Maslach de Burnout. Resultados Participaram da pesquisa 287 sujeitos, predominantemente mulheres, com companheiro e filhos. O nível médio de estresse e coping controle foram prevalentes (74,47% e 79,93%, respectivamente e a presença de burnout em 12,54%. Fatores associados ao estresse referiram-se às condições de trabalho. Ter companheiro, atuar em UTI Clínica e gostar do trabalho foram fatores de proteção para coping prevalente, enquanto que horas de sono adequadas foi fator de proteção para burnout. Conclusão O controle do ambiente de trabalho e o sono adequado são fatores decisivos e protetores para enfrentamento das situações de estresse ocupacional.

  9. Infecções urinárias causadas por Trichosporon spp. em pacientes graves internados em unidade de terapia intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria das Graças Silva Mattede

    2015-09-01

    Full Text Available RESUMOObjetivo:Avaliar a incidência de infecções do trato urinário por Trichosporon spp. em uma unidade de terapia intensiva.Métodos:Estudo descritivo observacional realizado em uma unidade de terapia intensiva no período de 2007 a 2009. Foram analisados todos os pacientes consecutivos que internaram na unidade de terapia intensiva e tiveram o diagnóstico confirmado.Resultados:Vinte pacientes apresentaram infecções do trato urinário por Trichosporon spp. A prevalência foi maior no sexo masculino (65% e na faixa etária superior a 70 anos (55%. A mortalidade foi de 20%. A média de permanência na unidade de terapia intensiva foi de 19,8 dias. Seu aparecimento esteve relacionado ao uso pregresso de antibióticos e foi mais frequente no período que compreendeu o outono e o inverno.Conclusão:A infecção por Trichosporon spp. predominou no sexo masculino, de idade acima de 70 anos, com uso de sonda vesical de demora por mais de 20 dias e com uso de antibióticos de amplo espectro acima de 14 dias. Os pacientes que apresentaram a infecção urinária por Trichosporon spp. ficaram internados nos setores de terapia intensiva, com maior frequência, no período de outono e inverno.

  10. Stress in nurses working in intensive care units El estrés de los enfermeros que actúan en una unidad de terapia intensiva Estresse de enfermeiros com atuação em unidade de terapia intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Maria Cavalheiro

    2008-02-01

    Full Text Available The present study aimed to identify the presence of stress in nurses working in intensive care units, the stressing agents and symptoms associated to the nurses' perceptions of stress, and to assess the correlation between the occurrence of stress, sources of stress, and symptoms shown by the nurses. Seventy-five nurses took part in the study. The data were collected from questionnaires, analyzed with the Pearson correlation coefficients, and adjusted by general linear models. The study showed the presence of stress related to work dissatisfaction, activities regarded as critical situations in intensive care units, symptoms related to cardiovascular, digestive and musculoskeletal disorders. The conclusion is that stress is present in nurses' activities in intensive care units, related to characteristics of the health area itself, causing dissatisfaction and stress-related symptoms.El presente estudio tuvo como objetivos: identificar la presencia de estrés en enfermeros que trabajan en unidades de terapia intensiva; identificar a los agentes estresantes y a los síntomas asociados al estrés, según la percepción del enfermero; y, evaluar la correlación entre la presencia del estrés, las fuentes del estrés y los síntomas presentados por los enfermeros. Setenta y cinco enfermeros participaron del estudio. Los datos fueron recolectados por medio de cuestionarios. El análisis fue realizado utilizando los coeficientes de correlación de Pearson y ajustando con modelos lineales generalizados. El estudio mostró la presencia de estrés correlacionado a: la insatisfacción en el trabajo; a las actividades consideradas como situaciones críticas en unidad de terapia intensiva; a los síntomas relacionados con alteraciones cardiovasculares; al aparato digestivo y a los músculos del esqueleto. La conclusión del estudio es que el estrés está presente en la actividad del enfermero en las unidades de terapia intensiva y está correlacionado a

  11. Visita de crianças em unidade de terapia intensiva Children visit to intensive care unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Katya Masae Kitajima Borges

    2010-09-01

    Full Text Available A maioria dos hospitais estabelece idade mínima de 12 anos para a entrada de crianças nas unidades de terapia intensiva de adultos, porém, crianças menores participativas do processo de hospitalização têm manifestado, por meio de seus familiares, o desejo de visitar seus entes hospitalizados. Essa situação suscita diferentes opiniões entre os membros da equipe de saúde, principalmente no que diz respeito a pouca orientação sobre como manejar a entrada de criança na unidade de terapia intensiva sem causar danos psicológicos. Com objetivo de ampliar e fundamentar essa prática realizou-se revisão bibliográfica sobre o tema, alinhada ao estudo das fases do desenvolvimento cognitivo e emocional da criança em relação à compreensão da morte para, em seguida, sugerir proposta para rotina de entrada de crianças em unidade de terapia intensiva adulto.Most hospitals only allow children above 12 years-old to visit adult intensive care unit patients. However, younger children participating in the hospitalization process manifest, through their family members, their willingness to visit their hospitalized relatives. This raises different health care team members' opinions on how to manage their visits to the intensive care unit and prevent psychological harm. Aiming to expand and support this practice, a literature review was conducted, and the children's cognitive and emotional development phases related to understanding of death studied. From this, a routine for children's visits to adult intensive care unit is proposed.

  12. Preditores de injúria renal aguda e de mortalidade em uma Unidade de Terapia Intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis Alberto Batista Peres

    2015-03-01

    Full Text Available Introdução e Objetivos: Comparar características clínicas e evolução dos pacientes com e sem injúria renal aguda (IRA, avaliar a incidência, mortalidade da IRA e fatores de risco de IRA e de óbito em pacientes em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI. Métodos: Estudo retrospectivo que analisou 152 pacientes em uma única UTI. Avaliamos a idade, o sexo, o motivo do internamento, fatores de risco para IRA, dados laboratoriais, a necessidade de terapia renal substitutiva e a mortalidade. Acute Physiology and Chronic Health Evaluation (APACHE II, Sequential Organ Failure Assessment (SOFA e RIFLE foram registrados no dia de admissão na UTI. Determinamos a incidência da IRA, mortalidade e os preditores independentes de IRA e de óbito utilizando o modelo de regressão logística. Resultados: A idade média foi de 57,1 ± 20 anos e 60,1% eram masculinos. IRA não dialítica ocorreu em 81 pacientes (53,2% e a IRA dialítica ocorreu em 19 pacientes (12,4%. A mortalidade global foi de 35,9%, enquanto que a taxa de mortalidade nos pacientes com IRA não dialítica foi de 43,2% e a dos com IRA dialítica de 84,2%. Na análise multivariada, a ventilação mecânica invasiva, a creatinina e a ureia elevadas na admissão foram fatores de risco independentes para IRA, enquanto que diagnóstico clínico, uso de ventilação mecânica invasiva, ureia e lactato aumentados e hipernatremia foram fatores de risco independentes para mortalidade na UTI. Conclusão: A incidência e a mortalidade de IRA na UTI foram elevadas neste estudo, apesar dos avanços que vêm surgindo no seu manejo.

  13. Consumo e custo de recursos materiais em unidades pediátricas de terapia intensiva e semi-intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Larissa Lenotti Zuliani

    Full Text Available O gerenciamento de custos de materiais de consumo hospitalar é um tema atual em pesquisa, principalmente em unidades de saúde especializadas. Os enfermeiros são destacados como os principais gestores do consumo e custo de materiais hospitalares. Neste estudo, objetivou-se caracterizar unidades pediátricas semi-intensivas e intensivas de um hospital de ensino e verificar o consumo e os custos de materiais utilizados na assistência a pacientes internados nessas unidades. Estudo descritivo, exploratório, retrospectivo, com abordagem quantitativa; os dados foram obtidos do Sistema de Informação Hospitalar; analisados com base na classificação ABC. O gasto médio foi semelhante entre as UTIs cardiológica e neonatal e menor nas UTI e semi-intensiva pediátricas; houve variação significativa de consumo mensal de materiais; os materiais de maior custo tiveram mais impacto no orçamento das unidades estudadas. Os dados obtidos revelaram a importância do uso de método sistêmico de análise de consumo e gastos de materiais em unidades pediátricas e subsidiam ações administrativas de economia.

  14. Consumo e custo de recursos materiais em unidades pediátricas de terapia intensiva e semi-intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Larissa Lenotti Zuliani

    2012-12-01

    Full Text Available O gerenciamento de custos de materiais de consumo hospitalar é um tema atual em pesquisa, principalmente em unidades de saúde especializadas. Os enfermeiros são destacados como os principais gestores do consumo e custo de materiais hospitalares. Neste estudo, objetivou-se caracterizar unidades pediátricas semi-intensivas e intensivas de um hospital de ensino e verificar o consumo e os custos de materiais utilizados na assistência a pacientes internados nessas unidades. Estudo descritivo, exploratório, retrospectivo, com abordagem quantitativa; os dados foram obtidos do Sistema de Informação Hospitalar; analisados com base na classificação ABC. O gasto médio foi semelhante entre as UTIs cardiológica e neonatal e menor nas UTI e semi-intensiva pediátricas; houve variação significativa de consumo mensal de materiais; os materiais de maior custo tiveram mais impacto no orçamento das unidades estudadas. Os dados obtidos revelaram a importância do uso de método sistêmico de análise de consumo e gastos de materiais em unidades pediátricas e subsidiam ações administrativas de economia.

  15. Fisioterapia respiratoria na pressao intracraniana de pacientes graves internados em unidade de terapia intensiva: revisao sistematica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lucas Lima Ferreira

    2013-12-01

    Full Text Available Objetivo: Analisar os desfechos aumento/diminuição da pressão intracraniana e/ou queda da pressão de perfusão cerebral, proporcionados pela fisioterapia respiratória em pacientes graves assistidos em unidade de terapia intensiva. Métodos: Por meio de uma revisão sistemática da literatura, foram selecionados ensaios clínicos publicados entre 2002 e 2012. A busca envolveu as bases de dados LILACS, SciELO, MedLine e PEDro, usando os descritores "physical therapy", "physiotherapy", "respiratory therapy" e "randomized controlled trials" em cruzamento com o descritor "intracranial pressure". Resultados: Foram incluídos 5 estudos, que somaram 164 pacientes, com média de idade entre 25 e 65 anos, e que indicaram que as manobras de fisioterapia respiratória aumentaram significativamente a pressão intracraniana, sem alterar a pressão de perfusão cerebral. Os artigos abordaram as técnicas de vibração, vibrocompressão, tapotagem, drenagem postural, além da manobra de aspiração intratraqueal. Todos os pacientes estavam sob ventilação mecânica invasiva. Conclusão: A fisioterapia respiratória promove aumento da pressão intracraniana. Os estudos sugerem que não há repercussões hemodinâmicas e respiratórias a curto prazo ou alteração da pressão de perfusão cerebral. Entretanto, não há estudos que avaliem desfechos clínicos e que assegurem a segurança das manobras.

  16. O estresse de enfermeiros atuantes no cuidado do adulto na unidade de terapia intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vinícius Rodrigues de Souza

    2012-04-01

    Full Text Available A Unidade de Terapia Intensiva (UTI mesmo havendo a centralização de recursos materiais e humanos com elevados padrões de qualidade, é um setor marcado por imprevistos e incertezas que possam ocasionar o estresse. O estudo objetivou descrever os fatores estressantes que prejudicam a saúde dos enfermeiros que atuam no cuidado do adulto nas UTI, e possíveis medidas para reduzir esses estresses apontados pela literatura. Trata-se de uma pesquisa de natureza descritiva realizada através de revisão bibliográfica sistematizada utilizando-se de artigos publicados na Biblioteca Virtual de Saúde e em demais bibliotecas: Lilacs, Bdenf e Scielo entre os anos 2004 e 2010. Os resultados mostraram que os fatores predisponentes ao estresse foram: escassez de recursos humanos e materiais, sobrecarga de trabalho, desvalorização profissional, insatisfação no trabalho, falta de trabalho em equipe, baixos salários, dentre outros. Conclui-se que é de extrema importância para o enfermeiro saber identificar os possíveis fatores estressores vivenciados por ele e sua equipe, providenciando medidas que amenizam o estresse como provar para as chefias que para se prestar uma boa assistência necessita-se ter em mãos recursos humanos e matérias favoráveis, um ambiente adequado, uma valorização profissional e trabalho em equipe, evitando assim uma sobrecarga de trabalho.

  17. Validação de protocolo de posicionamento de recém-nascido em Unidade de Terapia Intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Beatriz Rosana Gonçalves de Oliveira Toso

    2015-12-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo: verificar as indicações de posicionamento dos recém-nascidos (RN e construir um protocolo de procedimento operacional padrão (POP para posicionamento de RN em Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN. Método: para validação do POP utilizou-se a técnica Delphi, em que enfermeiros especialistas na área avaliaram o procedimento proposto. Resultados: apresentam-se os resultados dessa validação na forma de protocolo, para contribuir com a discussão sobre o posicionamento do RN na UTIN e padronização da assistência de enfermagem relacionada ao posicionamento. Foram avaliados dez indicadores, em sete dos quais houve concordância de 100,0% e, em três, de 80%, acima dos 60% preconizados pela técnica de validação. Conclusão: dada a importância do posicionamento dos recém-nascidos internados em Unidades de Terapia Intensiva Neonatal para seu desenvolvimento neuromuscular, o estudo contribui para adoção de uma prática baseada em evidência para a enfermagem.

  18. O processo do cateterismo venoso central em Unidade de Terapia Intensiva Neonatal e Pediátrica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Veronica de Oliveira Gomes

    2013-08-01

    Full Text Available Estudo descritivo, longitudinal e abordagem quantitativa, que objetivou analisar e discutir o processo do cateterismo venoso central nas Unidades de Terapia Intensiva neonatal e pediátrica; descrever as variáveis relacionadas à caracterização da população do estudo (unidade de internação, faixa etária e sexo e descrever as variáveis relacionadas ao processo do cateterismo venoso central (tipo de cateter, motivo de indicação, número de lumens, sítio de inserção, profissional que realizou o procedimento, terapêutica medicamentosa infundida via cateter, motivo de retirada, tempo de permanência e as complicações mecânicas e infecciosas. A coleta de dados foi realizada em unidade de terapia intensiva neonatal e pediátrica, em 82 prontuários. As indicações dos cateteres foram, em sua maioria, para infusão medicamentosa prolongada e Nutrição Parenteral Total. A remoção foi indicada predominantemente por complicações mecânicas e infecciosas. Esse estudo viabilizou rever a prática assistencial para estabelecer o aprimoramento da assistência prestada à clientela neonatal e pediátrica.

  19. Fisioterapia motora em pacientes internados na unidade de terapia intensiva: uma revisão sistemática

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alessandra Rigo Pinheiro

    2012-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar os desfechos propiciados pela fisioterapia motora em pacientes críticos assistidos em unidade de terapia intensiva. MÉTODOS: Por meio de uma revisão sistemática da literatura, foram admitidos ensaios clínicos publicados entre 2002 e 2011. A busca envolveu as bases de dados LILACS, SciELO, MedLine, EMBASE e Cochrane, usando os descritores "intensive care unit", "physiotherapy", "physical therapy", "mobility", "mobilization" e "randomized controlled trials". Dois pesquisadores independentes realizaram a triagem dos artigos, tendo incluído trabalhos que abordassem a ação da fisioterapia em pacientes críticos. RESULTADOS: De uma análise inicial de 67 artigos potencialmente relevantes, apenas 8 contemplaram os critérios de seleção e abordaram os desfechos provenientes das técnicas de eletroestimulação, cicloergômetro e cinesioterapia. O tamanho amostral variou de 8 a 101 sujeitos, com média de idade entre 52 e 79 anos. Todos os pacientes estavam sob ventilação mecânica invasiva. Dos artigos analisados, seis indicaram benefícios significativos da fisioterapia motora em pacientes críticos, como melhora na força muscular periférica, capacidade respiratória e na funcionalidade. CONCLUSÃO: Por meio desta revisão sistemática, foi possível concluir que a fisioterapia motora consiste em uma terapia segura e viável em pacientes críticos, podendo minimizar os efeitos deletérios da imobilização prolongada. A abordagem envolvendo eletroestimulação, cicloergômetro e cinesioterapia motora mostrou respostas positivas no paciente sob terapia intensiva. O nível de evidencia atualmente disponível a cerca do impacto da ação da fisioterapia motora sobre tempo de permanência na unidade de terapia intensiva e mortalidade ainda é baixo sendo necessários novos estudos.

  20. Cultura e clima organizacional para segurança do paciente em Unidades de Terapia Intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thaiana Helena Roma Santiago

    2015-12-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo Avaliar a percepção dos profissionais de saúde sobre o clima e a cultura de segurança do paciente em Unidades de Terapia Intensiva (UTI e a relação entre os instrumentos Hospital Survey on Patient Safety Culture (HSOPSC e o Safety Attitudes Questionnaire (SAQ. Método Estudo transversal realizado em hospital de ensino no interior do estado de São Paulo, Brasil, em março/abril de 2014. Aplicaram-se o HSOPSC, o SAQ e um instrumento para levantamento das informações sociodemográficas e profissionais aos funcionários das UTI adulto, pediátrica e neonatal. A análise utilizou a estatística descritiva. Resultados As escalas apresentaram boa confiabilidade. Maiores fragilidades para a segurança do paciente foram observadas nos domínios “condições de trabalho” e “percepções da gerência” do SAQ e “resposta não punitiva aos erros” do HSOPSC. As fortalezas no SAQ foram o “clima de trabalho em equipe” e a “satisfação no trabalho” e para o HSOPSC “expectativas e ações de promoção de segurança supervisores/gerentes” e “aprendizado organizacional e melhoria mútua”. Na UTI Neonatal houve maior satisfação no trabalho do que nas demais UTI. A UTI Adulto apresentou menores pontuações para a maioria dos domínios do SAQ e HSOPSC. A correlação entre as escalas foi de força moderada (r=0,66. Conclusão Há diferenças de percepções quanto à segurança do paciente entre as UTI, o que corrobora com a existência de microculturas locais. O estudo não demonstra que o SAQ e o HSOPSC sejam equivalentes.

  1. Paciente quirúrgico séptico en terapia intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rubén Bembibre Taboada

    1997-08-01

    Full Text Available Se realizó un estudio anual de 121 pacientes quirúrgicos sépticos ingresados en Terapia Intensiva en el Hospital Provincial Clinicoquirúrgico Docente "Dr. Gustavo Aldereguía Lima" y se aplicaron métodos computadorizados para el procesamiento de datos y aplicación de pruebas de significación estadística. La edad media de la serie fue de 40,4 para vivos y 47,35 para fallecidos; la mayor letalidad correspondió a pancreatitis hemorrágica (80 y cirugía gastroduodenal (45,5. En el 41,32 % el diagnóstico se basó en el examen físico y ultrasonido abdominal. Existió un incremento franco de evolución desfavorable al aumentar el número de intervenciones quirúrgicas. Los gérmenes más frecuentes fueron Klebsiella pneumoniae, E. Coli, Pseudomona aureginosa y Proteus mirabilis. Los anti-bióticos más usados fueron metronidazol, penicilinas, y aminoglucósidos. Se destaca el 8,2 de incidencia para fallo multiórgano (FMO con 100 % de letalidad y un predominio de la evolución favorable en 84 enfermos y 37 que fallecieronA one year-period study of 121 surgical septic patients admitted to the Intensive Care Unit of "Dr. Gustavo Aldereguía Lima" Clinicosurgical Provincial Hospital was carried out by the application of computerized methods for data processing and the application of statistical significance tests. Average age of the series was 40.4 for alive subjects, and 47.35 for deceased subjects; the greatest lethality rate corresponded to haemorrhagic pancreatitis (80 and to gastroduodenal surgery (45.5. In 41.32 % the diagnosis was based on physical examination and abdominal ultrasound. There was a frank increase of unfavourable evolution as the number of surgical procedures increased. Germs most frequently found were Klebsiella pneumonia, E. coli, Pseudomona aeruginosa and Proteus mirabilis. Antibiotics most frequently used were metronidazole, penicillins, and aminoglycosides. An incidence of 8.2 for multiple organ failure is highlithed

  2. Terminalidade e cuidados paliativos na unidade de terapia intensiva End of life and palliative care in intensive care unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rachel Duarte Moritz

    2008-12-01

    Full Text Available O objetivo da presente revisão foi avaliar o estado atual do conhecimento sobre doença terminal e cuidados paliativos em unidade de terapia intensiva. Identificar as questões-chave e sugerir uma agenda de pesquisa sobre essas questões. A Associação Brasileira de Medicina Intensiva organizou um fórum especifico para o debate de doenças terminais na unidade de terapia intensiva, onde participaram profissionais experientes em medicina intensiva. Esses profissionais foram subdivididos em 3 subgrupos, que discutiram: comunicação em unidade de terapia intensiva, decisões diante de um doente terminal e cuidados/ações paliativas na unidade de terapia intensiva. As informações e referências bibliográficas foram copiladas e trabalhadas através de um site de acesso restrito. Os trabalhos ocorreram em 12 horas quando foram realizadas discussões sistematizadas seguindo o método Delphi modificado. Foram elaboradas definições sobre a terminalidade. A adequada comunicação foi considerada de primordial importância para a condução do tratamento de um paciente terminal. Foram descritas barreiras de comunicação que devem ser evitadas sendo definidas técnicas para a boa comunicação. Foram também definidos os critérios para cuidados e ações paliativas nas unidades de terapia intensiva, sendo considerada fundamental a aceitação da morte, como um evento natural, e o respeito à autonomia e não maleficência do paciente. Considerou-se aconselhável a suspensão de medicamentos fúteis, que prolonguem o morrer e a adequação dos tratamentos não fúteis privilegiando o controle da dor e dos sintomas para o alívio do sofrimento dos pacientes com doença terminal. Para a prestação de cuidados paliativos a pacientes críticos e seus familiares, devem ser seguidos princípios e metas que visem o respeito às necessidades e anseios individuais. Os profissionais da unidade de terapia intensiva envolvidos com o tratamento desses

  3. Consumo e custo de recursos materiais em unidades pediátricas de terapia intensiva e semi-intensiva Costo y consumo de recursos materiales en unidades pediátricas de terapia intensiva y semi-intensiva Costs and consumption of material resources in pediatric intensive and semi-intensive care units

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Larissa Lenotti Zuliani

    2012-12-01

    Full Text Available O gerenciamento de custos de materiais de consumo hospitalar é um tema atual em pesquisa, principalmente em unidades de saúde especializadas. Os enfermeiros são destacados como os principais gestores do consumo e custo de materiais hospitalares. Neste estudo, objetivou-se caracterizar unidades pediátricas semi-intensivas e intensivas de um hospital de ensino e verificar o consumo e os custos de materiais utilizados na assistência a pacientes internados nessas unidades. Estudo descritivo, exploratório, retrospectivo, com abordagem quantitativa; os dados foram obtidos do Sistema de Informação Hospitalar; analisados com base na classificação ABC. O gasto médio foi semelhante entre as UTIs cardiológica e neonatal e menor nas UTI e semi-intensiva pediátricas; houve variação significativa de consumo mensal de materiais; os materiais de maior custo tiveram mais impacto no orçamento das unidades estudadas. Os dados obtidos revelaram a importância do uso de método sistêmico de análise de consumo e gastos de materiais em unidades pediátricas e subsidiam ações administrativas de economia.La gestión de costos de materiales de consumo hospitalario es un tema actual en investigación, especialmente en unidades de salud especializadas. Los enfermeros son destacados como los principales gestores de consumo y costos de materiales hospitalarios. En este estudio, objetivó-se caracterizar Unidades Pediátricas de Terapia Intensiva (UTI y Semi-intensiva de un hospital escuela e investigar el consumo y costo de materiales utilizados en la asistencia de pacientes ingresados en esas unidades. Estudio descriptivo, exploratorio, retrospectivo, de abordaje cuantitativo. Los datos fueron obtenidos del Sistema de Información Hospitalaria y analizados de acuerdo con la clasificación ABC. El gasto medio fue semejante entre las UTIs cardiológica y neonatal, y menor en las unidades de terapia intensiva y semi-intensiva pediátricas. Hubo variaci

  4. Perfil dos microrganismos associados à colonização e infecção em Terapia Intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Cristina Oliveira

    2017-06-01

    Full Text Available Justificativa e Objetivos: Nas instituições hospitalares, as Unidades de Terapia Intensiva são consideradas o epicentro de resistência bacteriana devido à maior ocorrência de surtos por bactérias multirresistentes. A monitorização do perfil microbiológico dos microrganismos associados a infecções são fundamentais para apoiar o uso racional de antimicrobianos e as medidas de prevenção e controle de infecções. Assim, objetivou-se verificar o perfil de sensibilidade de microrganismos aos antimicrobianos associados à ocorrência de colonização e infecções em uma Unidade de Terapia Intensiva. Métodos: Tratou-se de uma coorte com seguimento de 2.137 pacientes (2005 – 2008 de um hospital universitário de Belo Horizonte. Resultados: Entre os 2.137 pacientes acompanhados foram realizadas 426 (19,9% culturas microbiológicas, 61,7% (263 se referiam a colonização por microrganismos resistentes destacando-se 39% Acinetobacter baumanni resistentes aos carbapenêmicos, 21% Pseudomonas aeruginosa resistentes aos carbapenêmicos e 14% Staphylococcus aureus resistentes à oxacilina seguidos de Klebsiella pneumoniae e Escherichia coli; 282 pacientes foram diagnosticados com infecções hospitalares (13,2% sendo 86 associadas a microrganismos resistentes. Conclusão: Concluiu-se que o perfil dos microrganismos associados a colonização ou infecção de pacientes na unidade de terapia intensiva entre 2005 e 2008, foi similar ao observado em outros estudos no Brasil e América Latina com predominância dos bastonetes Gram negativos. Evidenciou-se a necessidade de monitoramento das condições ambientais de limpeza e sazonais como variação de temperatura e umidade que podem favorecer a replicação de microrganismos, como parte das medidas de controle da disseminação.

  5. Stressors in nurses working in Intensive Care Units Factores generadores de estrés en enfermeros en unidades de terapia intensiva Fatores geradores de estresse em enfermeiros de Unidades de Terapia Intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vitor Manuel Costa Pereira Rodrigues

    2011-08-01

    Full Text Available This is a descriptive cross-sectional study. The sample consisted of 235 nurses from two intensive care units in Porto (Portugal. The purpose of this study was to identify stressors for nurses working in intensive care units. The data was collected using the following: i a questionnaire (for socio-demographic variables, physical aspects of work and variables related to the work context; ii Interpersonal Work Relations Scale; iii Nurse Stress Index. Nurses in the early phase of their career have higher stress levels ( = 81. An inadequate physical work structure leads to higher stress levels (X = 83. The worse the interpersonal relations are, the higher stress levels nurses feel (Spearman correlation coefficient =-0.331. Nurses who have a bad relationship with their work superiors view the dimension "Support and Organizational Involvement" as a stressor (Student's t test, pSe trata de un estudio de tipo descriptivo y transversal, en total la muestra fue constituida con 235 enfermeros pertenecientes a dos unidades de terapia intensiva de la ciudad del Porto (Portugal, con el objetivo de conocer algunos factores generadores de estrés de enfermeros que trabajan en unidades de terapia intensiva. En la recolección de datos se utilizó: 1 un cuestionario de auto llenado (para las variables sociodemográficas, para los aspectos físicos del servicio y para las variables relacionadas con el contexto de trabajo; 2 la Escala de las Relaciones Interpersonales en el Trabajo; y 3 la Nurse Stress Índex. Se identificó que los enfermeros en inicio de carrera tiene niveles de estrés más elevados ( o = 81; que una estructura física inadecuada conduce a niveles de estrés más elevados (X=83; que cuanto peor es la relación interpersonal, mayores son los niveles de estrés (Coeficiente de correlación de Spearman =-0,331; que los enfermeros que establecen una mala relación con los jefes perciben la dimensión "Apoyo y envolvimiento organizacional" como

  6. Erros medicamentosos em unidade de terapia intensiva neonatal Medication errors in a neonatal intensive care unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata Bandeira de Melo Escovedo Lerner

    2008-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Determinar a incidência e o tipo de erros médicos em uma unidade de terapia intensiva neonatal e a relação entre o erro e o estado clínico do paciente. MÉTODOS: Revisamos os prontuários médicos, durante os primeiros 7 dias de hospitalização, de todos os recém-nascidos de alto risco admitidos por um período de 3 meses. RESULTADOS: Setenta e três pacientes foram admitidos durante o período de estudo. A média de peso de nascimento foi de 2.140 g (640-5.020 g, e a idade gestacional média foi de 34 semanas (25-40 semanas. Dos 73 prontuários analisados, 40 (55% apresentaram um ou mais erros. Um total de 365 dias de hospitalização foi analisado, e 95 erros médicos foram detectados (um erro por 3,9 dias de hospitalização. O erro mais freqüente esteve associado com uso de medicamentos (84,2%. Uso de procedimentos terapêuticos (medicamentos, fototerapia, etc. sem prescrição adequada no prontuário do paciente (erro de comissão representou 7,4% dos erros, e a incidência de erros de omissão foi de 8,4%. A incidência de erros médicos foi significativamente maior em recém-nascidos com idade gestacional menor. CONCLUSÕES: A incidência de erros no cuidado de recém-nascidos de alto risco é elevada. Deve-se incentivar estratégias para melhorar a educação de profissionais da saúde envolvidos no cuidado e o desenvolvimento da cultura local, divulgando algoritmos claros e acessíveis para orientar o comportamento quando há ocorrência de erros.OBJECTIVE: To determine the incidence and type of medical errors in a newborn intensive care unit and the relationship between the error and the patient's clinical status. METHODS: We reviewed the medical charts, during the first 7 days of hospitalization, of all high-risk newborn infants admitted for a period of 3 months. RESULTS: Seventy-three patients were admitted during the study period. Their mean birth weight was 2,140 g (640-5,020 g and mean gestational age was 34

  7. Desafios da comunicação em Unidade de Terapia Intensiva Neonatal para profissionais e usuários

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carla Andréa Costa Alves de Campos

    Full Text Available RESUMO Comunicar notícias com sensibilidade é competência dos profissionais de saúde. Para analisar falas de profissionais e familiares de internos da Unidade de Terapia Intensiva Neonatal de um Hospital Universitário, foi realizada pesquisa qualitativa tendo como instrumentos entrevistas e Roda de Conversa, norteados pelo protocolo SPIKES. As categorias produzidas foram analisadas por meio das Práticas Discursivas e Produção de Sentidos. Os resultados evidenciaram ambiência desumanizada; sobrecarga de serviço; ausência de local e falta de treinamento para comunicar notícias e apontam a importância de valorizar a comunicação em saúde para melhorar a qualidade do trabalho e relações interpessoais.

  8. TÉTANO GRAVE ASSOCIADO A CHOQUE SÉPTICO EM UMA PACIENTE IDOSA INTERNADA EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA

    OpenAIRE

    Gonçalves Menegueti,Mayra; Alkmim-Teixeira,Gil Cezar; Machado Viana,Jaciara; Basile-Filho,Aníbal; Martins-Filho,Olindo Assis; Martins,Maria Auxiliadora

    2012-01-01

    Nós relatamos um caso de tétano grave associado a choque séptico em uma paciente de 61 anos admitida na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) após perfurar o pé direito. A paciente apresentou perda de força muscular, paresia em membro inferior direito e disfagia. A paciente evoluiu com espasmos musculares generalizados, dispnéia e insuficiência respiratória. O espasmo intenso levou ao uso prolongado de ventilação mecânica invasiva, sedação e bloqueador neuromuscular. A evolução favorável deste c...

  9. Factores de riesgo de neumonía nosocomial en terapia intensiva. Hospital “Dr. Ernesto Guevara”

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Yadira Santiesteban Escalona

    2015-11-01

    Full Text Available Se realizó un estudio analítico, de tipo caso control pareados 1:2, para determinar los factores de riesgo de neumonía nosocomial en pacientes ingresados en terapia intensiva del Hospital “Dr. Ernesto Guevara de la Serna” de Las Tunas, en el período de enero de 2010 a diciembre de 2011. El universo fue de 1035 pacientes ingresados en terapia intensiva (UCI, en dicho período, de ellos constituyeron la muestra, denominada “casos”, 56 pacientes que desarrollaron Neumonía Nosocomial durante su estadía en UCI. Para el “control” de los factores de confusión, por cada caso, se parearon dos pacientes sin diagnóstico de neumonía. La información se obtuvo de fuentes secundarias (historias clínicas. A los casos y a los controles se les llenó una planilla de vaciamiento de datos con las variables analizadas. Los datos se procesaron utilizando el paquete de programas estadísticos Epinfo, versión 6. Para el estudio de los factores de riesgo se realizaron análisis univariados, evaluándose: ODDS RATIO, intervalo de confianza y probabilidad. Resultaron ser factores de riesgo para presentar neumonía nosocomial: la intubación endotraqueal, los trastornos de conciencia, el aislamiento de bacilos no fermentadores, citrobacter diversus y/o klebsiella ssp., haber requerido neurocirugía, el uso de tratamiento antibiótico previo, antiácidos anti H2, nutrición parenteral y la estadía en UCI mayor de siete días.

  10. Aplicabilidade de indicador de qualidade subjetivo em Terapia Intensiva Aplicación de indicadores subjectivos de calidad en Terapia Intensiva Application of subjective quality indicators in Intensive Care

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sônia Regina de Oliveira e Silva de Souza

    2006-04-01

    Full Text Available Objetivamos descrever a percepção dos clientes em relação à hospitalização na Unidade de Terapia Intensiva (UTI. Desenvolvemos um estudo descritivo com abordagem qualitativa, na UTI de um hospital universitário do Rio de Janeiro, no período de maio/2003 a maio/2004. Participaram do estudo 32 clientes após alta da UTI em condição de narrar sua hospitalização. A coleta dos dados ocorreu por via de um questionário. Consideramos que os clientes demonstraram satisfação a assistência de enfermagem intensivista, o que incomoda são os estressores físicos e ambientais. O estudo aponta questões que necessitam de uma contínua discussão considerando o estresse que permeia as atividades e o ambiente da UTI e destaca a relevância do trabalho com indicadores de qualidade subjetivos em terapia intensiva.Tenemos como objetivo describir la percepión de los clientes en relación a la hospitalización en la Unidad de Cuidados Intensivos. Desarrollamos un estudio descriptivo con enfoque cualitativo en la Unidad de Cuidados Intensivos de un Hospital Universitario de Rio de Janeiro, en el periodo de mayo/2003 a mayo/2004. Participarón del estudio 32 clientes tras la alta de esta Unidad condición de narrar su hospitalización. Los datos fueron recogidos por un cuestionario. Consideramos que los clientes demostrarón satisfacción con respecto a la asistencia de enfermería intensiva y lo que les incomoda son los estreses físicos y ambientales. El estudio apunta cuestiones que necesitan una continua discusión considerando el estrés que rodea las actividades, el ambiente de la Unidade de Cuidados Intensivos y destaca la relevancia del trabajo con ondicativos de calidad subjetivos en Terapia intensiva.Our aim is to describe the clients' perception related to to the admission in the Intensive Care. We have developed a descriptive study based on a qualitative approach in the Intensive Care in a university hospital in RJ, from May, 2003 to May

  11. Estudo comparativo do consumo e gasto com medicamentos em Unidades Pediátricas de Terapia Intensiva e Semi-intensiva Estudio comparativo del consumo y gasto con medicamentos en Unidades Pediátricas de Terapia Intensiva y Semi-intensiva Comparative study of drug utilization and drug expenses in Pediatric Intensive and Semi-intensive Care Units

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Larissa Lenotti Zuliani

    2012-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever e comparar o consumo e gastos com medicamentos em Unidades de Terapia Intensiva (UTI e Semi-intensiva Pediátricas. MÉTODOS: Estudo descritivo, exploratório, retrospectivo, com abordagem quantitativa por meio de estatística descritiva simples. A coleta de dados ocorreu no período de junho de 2007 a maio de 2008 nas UTI e Semi-intensiva Pediátricas de um hospital de ensino do interior do Estado de São Paulo, utilizando-se a classificação ABC. RESULTADOS: O gasto médio/leito da Unidade Cardiológica foi de R$ 1.400,00±0,26 leito/mês e da Neonatal de R$ 1.530,00±0,27 leito/mês, sendo menor na UTI e Semi-intensiva Pediátrica (R$ 260,00±0,13 leito/mês. Houve variação significativa do gasto mensal com medicamentos independentemente da taxa de ocupação. Na Classe A, os dez medicamentos de maior custo representaram 57,1, 54,3, e 46,3% do orçamento das UTI e Semi-intensivas Cardiológica, Neonatal e Pediátrica, respectivamente. Na Neonatal, os dez medicamentos mais consumidos corresponderam à Classe C, com 6,6% do orçamento, enquanto que nas outras unidades se enquadram oito, responsáveis por 7,8% do orçamento da Cardiológica e 7,7% da Pediátrica. CONCLUSÕES: A classificação ABC permitiu conhecer o consumo e os gastos com medicamentos; esse método favorece a gestão desses recursos nas unidades avaliadas.OBJETIVO: Describir y comparar el consumo y los gastos con medicamentos en Unidades de Terapia Intensiva (UTI y Semi-intensiva Pediátricas. MÉTODOS: Estudio descriptivo, exploratorio, retrospectivo, con abordaje cuantitativo mediante estadística descriptiva simple. La recolección de datos ocurrió en el periodo de junio de 2007 a mayo de 2008 en las UTI y Semi-intensiva Pediátricas de un hospital de enseñanza en el interior del Estado de São Paulo, utilizándose la clasificación ABC. RESULTADOS: El gasto medio/lecho de las Unidades Cardiológicas fue de R$ 1.400,00±0,26 lecho/mes y Neonatal de

  12. Síndrome de burnout em profissionais de enfermagem de uma unidade de terapia intensiva Burnout syndrome in nursing professionals from an intensive care unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Larissa Santi Fernandes

    2017-04-01

    Full Text Available Objetivo: Avaliar o nível da Síndrome de burnout nos profissionais de Enfermagem na Unidade de Terapia Intensiva. Metodologia: Estudo quantitativo e transversal, realizado com 47 profissionais de Enfermagem que trabalham na Unidade de Terapia Intensiva de um hospital publico de alta complexidade, no período de Abril a Outubro de 2012. Utilizou-se um questionário estruturado autoaplicável acrescido do Maslach Burnout Inventory, analizou-se por regressão logística pelo teste de Wald. Resultado: 74,5% dos profissionais obtiveram um alto nível para exaustão, 93,7% baixo nível para realização profissional e 93,7% alto nível para despersonalização. Considerações finais: O ambiente intensivista é propício para o desenvolvimento da Síndrome.

  13. Educação em saúde no contexto da alta hospitalar de pacientes de Unidade de Terapia Intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabiano Fernandes Oliveira

    2016-09-01

    Full Text Available As unidades de terapia intensiva são locais que o profissional de enfermagem está a todo tempo em contato com o paciente, por essa razão os enfermeiros devem estar preparados para realizar a educação em saúde, pois realizam procedimentos de alto risco e responsabilidade. Com objetivo de analisar artigos que discute a questão da educação em saúde no contexto da alta hospitalar de paciente de unidade de terapia intensiva. Trata se de uma pesquisa exploratória de revisão da literatura com base em material já elaborado, constituído por artigos científicos. A busca realizada através dos descritores; Educação em Saúde, Unidade de Terapia Intensiva, Alta do Paciente e Enfermagem, na base de dados da biblioteca virtual de saúde (BVS, respeitando os limites de publicação entre 2005 a 2015, no idioma português. Ficou evidenciado que embora a literatura apresente muitas discussões sobre o planejamento da alta do paciente e a importância do papel do enfermeiro neste processo, a documentação de experiências de enfermeiros brasileiros ainda se mostra escassa.

  14. Impacto de um programa de educação continuada na qualidade assistencial oferecida pela fisioterapia em terapia intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Walkyria Araújo Macedo Pinto

    2014-03-01

    Full Text Available Objetivo: Avaliar o papel de indicadores de qualidade e registro de eventos adversos na qualidade assistencial da fisioterapia em terapia intensiva, bem como o impacto da implantação de protocolos de cuidado e treinamento profissional no processo de melhoria da qualidade. Métodos: Estudo prospectivo antes-depois para avaliar 15 indicadores de qualidade assistencial. Dados basais a respeito de adesão e eventos adversos foram coletados antes e após a implantação de protocolos de tratamento e treinamento da equipe. Resultados: Foram avaliados 89 pacientes, sendo 48 admitidos no período préintervenção e 41 no período pós-intervenção, com um total de 1.246 e 1.191 observações, respectivamente. Entre os indicadores relacionados à população global, houve melhora significativa no controle radiográfico, passagem de plantão, visita multiprofissional, assim como na adesão a essas decisões. Os indicadores relacionados com a população sob ventilação mecânica, obtidos por observação direta no leito, mostraram melhora significativa na adesão ao volume corrente de 6 a 8mL/kg, pressão platô <30cmH2O, adequação dos alarmes da ventilação mecânica, controle de umidificação da ventilação mecânica, troca dos equipos de umidificação, e posicionamento do tubo orotraqueal. Entre os indicadores de ventilação mecânica coletados por meio de registros da fisioterapia, ocorreu melhora significativa da adesão ao registro do volume corrente predito e ao registro da pressão do balonete. Houve redução significativa no número de eventos adversos. Não houve impacto na mortalidade na unidade de terapia intensiva, no tempo de internação, tempo de ventilação mecânica e no tempo livre da ventilação mecânica. Conclusão: É possível medir a qualidade do cuidado fisioterapêutico utilizando indicadores de controle de qualidade. A implantação de protocolos de cuidado e treinamento dos profissionais pode melhorar o

  15. Diabetes mellitus e intolerância à glicose são subdiagnosticados nas unidades de terapia intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata Teixeira Ladeira

    2012-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a presença de diabetes mellitus e a intolerância à glicose em pacientes internados em unidades de terapia intensiva. MÉTODOS: Foram incluídos pacientes clínicos, em pós-operatório de cirurgias eletivas e de urgência, e excluídos aqueles com história de diabetes mellitus. Para o diagnóstico de alterações prévias da glicemia, utilizou-se a dosagem da hemoglobina glicada (HbA1c na admissão do paciente, sendo classificado em normal (6,4%. Durante os 3 primeiros dias da internação, foram avaliados o controle glicêmico e as complicações clínicas. A evolução para óbito foi acompanhada por 28 dias. Para as análises estatísticas, utilizaram-se testes do qui-quadrado, ANOVA, teste t de Student, Kruskall-Wallis ou Mann Whitney. RESULTADOS: Foram incluídos 30 pacientes, 53% do gênero feminino, idade de 53,4±19,7 anos e APACHE II de 13,6±6,6. A maioria dos pacientes foi admitida por sepse grave ou choque séptico, seguido por pós-operatório de cirurgias eletivas, oncológicas, politraumatismo e cirurgia de urgência. Ao classificar esses pacientes segundo a HbA1c, apesar da ausência prévia de história de diabetes mellitus, apenas 13,3% tinham HbA1c normal, 23,3% tinham níveis compatíveis com o diagnóstico de diabetes mellitus e 63,3% eram compatíveis com intolerância à glicose. Houve associação significativa entre o diagnóstico de diabetes mellitus ou intolerância a glicose e o uso de droga vasoativa (p=0,04. CONCLUSÃO: Foi encontrada alta prevalência de diabetes mellitus e intolerância à glicose, sem diagnóstico prévio, em pacientes internados em uma unidade de terapia intensiva geral.

  16. Análise da satisfação dos familiares em unidade de terapia intensiva Analysis of family satisfaction in intensive care unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flávia Branco Cerqueira Serra Neves

    2009-03-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Conhecer as necessidades e o grau de satisfação dos familiares de pacientes internados em unidades de terapia intensiva é uma parte essencial dos cuidados dos profissionais de saúde. O objetivo deste trabalho foi identificar o grau de satisfação dos familiares de pacientes internados em unidades de terapia intensiva. MÉTODOS: Foi realizado um estudo descritivo na unidade de terapia intensiva Geral Adulto do Hospital Português (Salvador-BA durante o período de novembro de 2007 a janeiro de 2008. Para avaliação da satisfação dos familiares foi utilizada a versão modificada por Jonhson (1998 do Inventário de Necessidades de Familiares em Terapia Intensiva . RESULTADOS: Foram avaliados 53 familiares, com média de idade de 44 anos, sendo 68% do sexo feminino. A mediana do nível de satisfação dos familiares foi de 11 (IIQ:9-13, numa escala de um a quatorze. As questões do Inventário de Necessidades de Familiares em Terapia Intensiva com maiores índices de satisfação foram as que afirmavam que os familiares sentiam que o melhor cuidado possível estava sendo oferecido ao paciente (96% e que as informações dadas foram honestas (96%. As questões com índices menores de satisfação foram as que afirmavam que os familiares acreditavam que alguém da unidade de terapia intensiva demonstrou interesse em saber como estavam se sentindo (45% e que os funcionários do hospital explicaram como os equipamentos estão sendo usados (41%. CONCLUSÕES: A maioria dos familiares avaliou positivamente os profissionais da unidade de terapia intensiva nas questões relacionadas à comunicação, atitude e cuidado médico com o paciente. No entanto, houve um percentual menor de satisfação nas questões relacionadas com a capacidade dos profissionais de confortar os familiares.OBJECTIVES: To know the needs and level of family members' satisfaction is an essential part of the care provided to critically ill patients in intensive care

  17. Familiares de pacientes em coma internados na Unidade de Terapia Intensiva: percepções e comportamentos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Deise Godoes Santos

    2013-06-01

    Full Text Available O objetivo desta pesquisa foi analisar as percepções e os comportamentos dos familiares frente ao paciente em estado de coma na Unidade de Terapia Intensiva (UTI. Estudo descritivo, realizado com 15 familiares de pacientes em coma internados em UTI, por meio de entrevista e observação participante, em agosto/setembro de 2011. Análise de conteúdo, segundo Minayo, evidenciou familiares satisfeitos com o atendimento e com a equipe, tendo consciência do estado de saúde do seu familiar internado, apresentando forte sentimento de impotência e sofrimento vivenciado pela situação, porém com esperança, encontrando conforto na espiritualidade. Manifestaram contato verbal e não verbal com o paciente e resgate do passado. A observação identificou os contatos não verbais mais manifestados pelo toque e carinho. Concluiu-se que a percepção mais evidenciada foi a satisfação com o atendimento e a equipe e o comportamento mais evidenciado a emoção. Os achados indicam uma assistência humanizada, atendendo à Política Nacional de Humanização.

  18. PRODUÇÃO DE SUBJETIVIDADES NO TRABALHO EM UMA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA PEDIÁTRICA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tereza Cristina Peixoto

    2017-08-01

    Full Text Available Resumo Objetivou-se analisar a micropolítica das relações interprofissionais em uma unidade de terapia intensiva pediátrica. Trata-se de um estudo com abordagem qualitativa, de cunho cartográfico, com observações da dinâmica das relações entre os sujeitos, entrevistas com 14 profissionais, no período de junho a agosto de 2014. As relações interprofissionais são constituídas em um território híbrido formado pela interseção dos saberes biomédicos, práticas de trabalho intervencionistas com aparelhos tecnológicos, reguladas por normas, protocolos e pelo lidar com crianças e seus pais. O afeto despertado nos profissionais frente à espontaneidade e sofrimento de crianças desestabiliza o plano normativo e científico do trabalho em prol da estabilização orgânica das crianças, desencadeando novos agenciamentos dos profissionais, ora flexibilizando as normas, ora intensificando comportamentos controladores e perfeccionistas. Aponta-se a importância da potencialização dos agenciamentos inventivos dos profissionais e criação de dispositivos para ações coletivas e saberes que promovam a associação da clínica da vida junto à da sobrevida.

  19. Ser pai de recém-nascido prematuro na unidade de terapia intensiva neonatal: da parentalidade a paternidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rachel Leite de Souza Ferreira Soares

    2015-09-01

    Full Text Available ResumoObjetivo:Compreender os significados atribuídos pelo pai ao ter um filho prematuro internado na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal.Métodos:Estudo qualitativo com abordagem etnográfica realizado em uma unidade neonatal no Rio de Janeiro. Foram entrevistados 22 homens pais que tinham o filho prematuro internado. Os dados foram coletados por meio de diário de campo, observação participante e entrevista semiestruturada.Resultados:O pai desempenha papel fundamental durante o processo reprodutivo. Coloca-se como protetor da mulher na gestação e puerpério e vivencia intensa realização ao nascimento, mesmo que prematuramente. Entretanto, ter um filho prematuro internado seja uma experiência inesperada e difícil.Conclusão:Os pais demonstraram viver a transição social e cultural da paternidade, com superação ainda tímida do modelo hegemônico. Ao mesmo tempo, entendem seu papel fundamental de provisão financeira e demonstram desejo em cuidar do seu filho. Os profissionais de saúde devem proporcionar essa aproximação para fortalecimento da paternidade.

  20. Evolução da resistência de Pseudomonas aeruginosa e Acinetobacter baumannii em unidades de terapia intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marciano de Sousa Nóbrega

    2013-09-01

    Full Text Available Este estudo objetivou descrever o perfil de susceptibilidade de A. baumannii e P. aeruginosa, analisar a tendência à resistência bacteriana e o consumo de antimicrobianos. Pesquisa retrospectiva, descritiva e transversal desenvolvida nas unidades de terapia intensiva para adultos em um hospital público de ensino de grande porte, conveniado com o Sistema Único de Saúde. Foram identificados 121 casos de infecções por P. aeruginosa e A. baumannii. A taxa média inicial de resistência foi alta para ambos os microrganismos. Houve um aumento significativo na resistência para amicacina em A. baumannii. Nas infeções por P. aeruginosa ouve aumento no consumo de amicacina, imipenem e piperacilina-tazobactam e imipenem nas infecções por A. baumannii. Não houve correlação entre a resistência bacteriana e o consumo de antimicrobianos. A mortalidade e o tempo de permanência foram maiores no grupo em estudo e a resistência bacteriana foi elevada. Houve aumento no consumo de amicacina, imipenem e piperacilina-tazobactam.

  1. A integralidade do cuidado e ação comunicativa na prática interprofissional da terapia intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sueli Moreira Pirolo

    2011-12-01

    Full Text Available A atuação interprofissional em saúde tem se constituído de um elemento importante para a produção das ações de saúde na perspectiva de cuidado integral. Este estudo analisou a atuação interprofissional na terapia intensiva segundo Habermas. Insere-se na abordagem qualitativa, elegendo o estudo de caso como modalidade de investigação. A captação do material empírico consistiu-se de observação do cenário e entrevistas semiestruturadas junto aos trabalhadores de saúde. Para análise das informações utilizou-se a técnica de interpretação de sentidos. A análise nos permitiu identificar dois eixos temáticos: o cuidado individual instrumental frente às instabilidades clínicas e o cuidado coletivo fragmentado por funções. Tal resultado fragiliza a interação entre trabalhador/trabalhador e trabalhador/paciente e compromete a articulação das ações de saúde. Por não favorecer espaços de encontros à ação comunicativa, esta fica frágil e a ação estratégica/instrumental se evidencia.

  2. Unidade de terapia intensiva: significados para pacientes em tratamento = Intensive care unit: meanings for patients in treatment

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eulálio, Maria do Carmo

    2016-01-01

    Full Text Available Objetivo: O presente estudo teve como objetivo identificar e analisar os sentimentos suscitados por pacientes na Unidade de Terapia Intensiva (UTI, mediante a sua experiência de permanência nessa unidade. Materiais e Métodos: Trata-se de um estudo qualitativo e descritivo. Participaram 25 pacientes internados em duas UTIs, com idades entre 15 e 85 anos. Entrevistas semiestruturadas foram realizadas e os dados foram submetidos à Análise Temática de Conteúdo. Resultados: Destacaram-se as categorias: “Polaridade de sentimentos: positivos e negativos” e “Cuidado prestado pela equipe profissional”. Conclusão: Prevaleceram os sentimentos negativos relacionados principalmente ao medo que esta unidade hospitalar representa. A emergência de sentimentos positivos esteve direcionada à possibilidade de reestabelecimento do estado de saúde. Os cuidados e a atenção desenvolvidos pela equipe de intensivistas foram percebidos pelos pacientes como auxiliares no seu enfrentamento às dificuldades vivenciadas na UTI. Ressalta-se a importância da sensibilidade e da escuta às singularidades dos sujeitos em contato com a UTI

  3. Fatores associados a infeccao pelo uso do cateter central de insercao periferica em Unidade de Terapia Intensiva Neonatal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elysangela Dittz Duarte

    2013-06-01

    Full Text Available Estudo epidemiológico, longitudinal e analítico, desenvolvido em um hospital de Minas Gerais, com o objetivo de analisar os fatores associados à infecção pelo uso do cateter central de inserção periférica em recém-nascidos internados em unidade de terapia intensiva. A coleta dos dados foi realizada por meio de uma ficha estruturada, preenchida pelos profissionais e verificada pelos pesquisadores. Foram estudados 291 cateteres inseridos em 233 recém-nascidos. Os fatores associados à retirada por suspeita de infecção foram: prematuridade, peso ao nascer até 1.500 gramas, cateter de poliuretano, localização não centralizada do cateter e tempo de uso superior a 30 dias. Após ajuste multivariado, permaneceram independentemente associados: peso inferior a 2.500 gramas na inserção, reparo e tempo de uso do cateter. Conclui-se que fatores relacionados à prática dos profissionais contribuíram para a retirada dos cateteres, sinalizando para a necessidade de intervenções que melhorem a segurança e a eficácia em seu uso.

  4. Delirium em pacientes na unidade de terapia intensiva submetidos à ventilação não invasiva: um inquérito multinacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lilian Maria Sobreira Tanaka

    2015-12-01

    Full Text Available RESUMO Objetivos: Conduzir um inquérito multinacional com profissionais de unidades de terapia intensiva para determinar as práticas relacionadas à avaliação e ao manejo do delirium, bem como as percepções e as atitudes relacionadas à avaliação e ao impacto do delirium em pacientes submetidos à ventilação não invasiva. Métodos: Foi elaborado um questionário eletrônico para avaliar o perfil dos respondedores e das unidades de terapia intensiva a eles relacionadas; a realização de avaliação sistemática e a forma de manejo do delirium; e as percepções e condutas dos profissionais com relação à presença de delirium em pacientes submetidos à ventilação não invasiva. O questionário foi distribuído por meio da mala direta de correio eletrônico da rede de cooperação em pesquisa clínica da Associação de Medicina Intensiva Brasileira (AMIB-Net e para pesquisadores em diferentes centros da América Latina e Europa. Resultados: Foram analisados 436 questionários que, em sua maioria, eram provenientes do Brasil (61,9%, seguidos por Turquia (8,7% e Itália (4,8%. Aproximadamente 61% dos respondedores relataram não proceder à avaliação de delirium na unidade de terapia intensiva, enquanto 31% a realizavam em pacientes submetidos à ventilação não invasiva. Confusion Assessment Method for the Intensive Care Unit foi a ferramenta diagnóstica validada mais frequentemente citada (66,9%. Com relação à indicação de ventilação não invasiva para pacientes em delirium, 16,3% dos respondedores nunca permitiam o uso de ventilação não invasiva neste contexto clínico. Conclusão: Este inquérito fornece dados que enfatizam a escassez de esforços direcionados à avaliação e ao manejo do delirium no ambiente da terapia intensiva, em especial nos pacientes submetidos à ventilação não invasiva.

  5. Nurses' work in intensive care units: feelings of suffering El trabajo del enfermero en una unidad de terapia intensiva: sentimientos de sufrimiento O trabalho do enfermeiro em unidade de terapia intensiva: sentimentos de sofrimento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Júlia Trevisan Martins

    2009-02-01

    Full Text Available The purpose of this study was to investigate the feelings of suffering that Intensive Care Unit (ICU nurses experience, and the strategies they use to face these feelings. It is a descriptive study using a qualitative approach and based on content analysis. The study used previous studies on Work Psychodynamics as complementary groundwork. Data collection occurred by means of semi-structured interviews, which were transcribed, categorized, and subcategorized. Results showed that suffering is related to: taking care of a young patient in critical condition, taking problems home, the patient's family, the team's work, and technology at work. As for the defense strategies used, emphasis is given to the search for strength in religion, promoting inter-relationships among team members, engaging in physical activity, and withdrawing from the patient.El presente estudio tuvo como objetivo investigar los sentimientos de sufrimiento en el trabajo de enfermeros de una Unidad de Terapia Intensiva y las estrategias usadas para enfrentar esos sentimientos. Consiste en un estudio descriptivo, con abordaje cualitativo, teniendo como eje conductor el análisis de contenido y, como soporte complementar, los estudios de la Psicodinámica del Trabajo. Los datos fueron recolectados por medio de entrevistas semiestructuradas, transcritas, clasificados en categorías y subcategorías. Los resultados demostraron que las vivencias del sufrimiento están relacionadas con: el cuidar del paciente crítico joven, llevar los problemas para casa, la familia del paciente, el trabajo en equipo, la falta de reconocimiento del trabajo realizado y la tecnología en el trabajo. Con relación a las estrategias defensivas utilizadas, se destaca la búsqueda de fuerzas en la religión, la promoción de relaciones entre los miembros del equipo, la realización de actividades físicas, y el alejarse del paciente.O presente estudo objetivou investigar os sentimentos de sofrimento no

  6. Spirituality in self-care for intensive care nursing professionals La espiritualidad en el cuidado de si para profesionales de enfermería en terapia intensiva A espiritualidade no cuidado de si para profissionais de enfermagem em terapia intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Winterkorn Dezorzi

    2008-04-01

    Full Text Available This study aimed to understand how spirituality permeates the process of caring for oneself and for others in the intensive care scenario from nursing professionals' point of view. This study used the qualitative approach of Cabral's Creative-Sensitive Method to guide information production and analysis in nine art and experience workshops. Nine nursing caregivers from the Intensive Care Unit (ICU of a university hospital participated in the study. This article presents one of the topics that emerged during this process: spirituality in self-care, which is evidenced in the daily practices that take place through prayers, close contact with nature, as well as in the sense of connection with a Higher Power that provides peace, welfare, and greater strength to ICU caregivers' life and work. Self-knowledge emerged as an essential practice in caring for oneself, in order to deliver better care to others.Este estudio tuvo por objetivo comprender como la espiritualidad envuelve al proceso de cuidar de sí mismo y de otros, en el mundo de la terapia intensiva, bajo la perspectiva de los profesionales de enfermería. La investigación se caracterizó por un abordaje cualitativo del método creativo sensible de Cabral, que guió la producción y el análisis de las informaciones en nueve talleres de arte y experiencias. Participaron del estudio nueve cuidadoras de enfermería del Centro de Tratamiento Intensivo (CTI de un hospital universitario. Este artículo presenta uno de los temas que surgieron en la investigación: la espiritualidad en el cuidado de sí mismo, la que fue evidenciada en las prácticas cotidianas que acontecían por medio de la oración, del contacto íntimo con la naturaleza, así como en el sentimiento de conexión con una Fuerza Superior que propiciaba tranquilidad, bienestar y fortalecía la vida y el trabajo de las cuidadoras en el CTI. El auto conocimiento se reveló como una práctica esencial en el cuidado de sí mismo que

  7. Ocorrência de acidente do trabalho em uma unidade de terapia intensiva Ocurrencia de accidentes de trabajo en una unidad de terapia intensiva The occurrence of work accidents at an intensive care unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vera Médice Nishide

    2004-04-01

    Full Text Available Este estudo, de caráter descritivo, identificou os acidentes do trabalho ocorridos com trabalhadores de enfermagem de uma unidade de terapia intensiva, correlacionando-os com o procedimento que estava sendo executado pelo trabalhador no momento do acidente. Os dados foram coletados por meio de entrevista individual, realizado com 68 trabalhadores, no ano de 2001. Constatou-se que os acidentes ocorreram, predominantemente, devido ao contato da pele e da mucosa com sangue e secreções, ferimento por material perfurocortante, queda e lesões na coluna vertebral. Os acidentes acontecidos estavam relacionados aos procedimentos de aspiração de tubo orotraqueal, manuseio de excretas/secreções, preparo de medicação, coleta de sangue arterial, piso molhado e transporte de paciente. Concluiu-se que são necessárias mudanças no ambiente de trabalho e programas de prevenção, para minimizar os acidentes em procedimentos de assistência aos pacientes.Este estudio, de carácter descriptivo, identificó los accidentes de trabajo ocurridos con trabajadores de enfermería de una unidad de terapia intensiva, correlacionándolos con los procedimientos que estaban siendo ejecutados por el trabajador en el momento del accidente. Los datos fueron recolectados a través de una entrevista individual, realizada con 68 trabajadores durante el ano 2001. Se verificó que los accidentes en su mayoría fueron causados por contacto de piel y mucosa con sangre y secreciones, heridas por material perforo-cortantes, caídas y lesiones en la columna vertebral. Los accidentes estaban relacionados con los procedimientos de aspiración de tubos orotraqueales, manoseo de excretas/secreciones, preparación de medicamentos, recolección de sangre arterial, piso mojado y transporte de pacientes. El estudio dejó como conclusión la necesidad de modificaciones en el ambiente de trabajo y en los programas de prevención, para disminuir los accidentes durante los procedimientos

  8. Pleasure and suffering in intensive care unit nursing staff Placer y sufrimiento en trabajadores de enfermería de una Unidad de Terapia Intensiva Prazer e sofrimento em trabalhadores de enfermagem de Unidade de Terapia Intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Helena Eri Shimizu

    2011-06-01

    Full Text Available The aim of this study was to analyze the causal factors of pleasure and suffering in Intensive Care Unit (ICU nursing staff and to compare the occurrence of these factors at the beginning and end of the career. This was a cross-sectional descriptive study conducted with 26 nurses and 96 nursing technicians. The previously validated Pleasure and Suffering Scale was used. The data were analyzed using descriptive statistics with the SPSS 12.0 software and the Kruskal Wallis test was used to assess the presence of these factors at the beginning and end of the career. The results indicated that, for both the nurses and the nursing technicians, the factors that contribute to feelings of pleasure, professional achievement and freedom of expression, and the factors that cause suffering, professional exhaustion and lack of recognition, were encountered at critical levels.El objetivo del estudio fue analizar los factores causadores de placer y sufrimiento en trabajadores de enfermería que actúan en una Unidad de Terapia Intensiva (UTI y comparar la ocurrencia de esos factores en el inicio y al final de la carrera. Se trata de un estudio descriptivo transversal, realizado con 26 enfermeros y 96 técnicos de enfermería. Se utilizó la Escala de Placer y Sufrimiento, validada previamente. Los datos fueron analizados por medio de la estadística descriptiva, con software SPSS12.0, y, para evaluar la presencia de esos factores en el inicio y al final de la carrera, se utilizó la prueba de Kruskal Wallis. Se constató que, tanto para enfermeros como para los técnicos de enfermería, los factores que contribuyen para los sentimientos de placer, realización profesional y libertad de expresión y los factores que causan sufrimiento, agotamiento profesional y falta de reconocimiento, se encuentran en niveles críticos.O objetivo do estudo foi analisar os fatores causadores de prazer e sofrimento em trabalhadores de enfermagem que atuam em unidade de terapia

  9. Relatives' experience of intensive care: the other side of hospitalization Vivencias de familiares en terapia intensiva: el otro lado del ingreso Vivências de familiares em terapia intensiva: o outro lado da internação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Urizzi Fabiane

    2007-08-01

    Full Text Available This study aims at understanding the experience concerning family members of patients in the Intensive Care Unit (ICU, with the purpose of contributing to care humanization in this context. Considering the nature of the research object, this research was carried out to understand the phenomenon Being a family that experiences the hospitalization of a family member in ICU. Phenomenology was used as a methodological reference framework. Seventeen family members of adult patients in the Intensive Care Unit (ICU at the Santa Casa in Londrina were interviewed from September to December 2004. Through analysis of these interviews, some theme categories emerged: difficult, painful, speechless experience; experiencing and recognizing somebody's life: approaching the patient's suffering; break-up of the family's daily routine; fear of having a family member die; ICU: a fearsome scene, but necessary; concern with family care. Some issues related to the family's attendance in the ICU were discussed, contributing to the establishment of humanized care delivery to critical patients and their families' uniqueness.La propuesta de este estudio es comprender las vivencias de familiares de pacientes ingresados en Unidad de Terapia Intensiva (UTI, con la intención de contribuir para la humanización del cuidado en ese contexto. Considerando la naturaleza del objeto de investigación, el estudio fue conducido en la búsqueda de la comprensión del fenómeno Ser una familia que pasa por la experiencia del ingreso de un familiar en la UTI. La fenomenología se utilizó como referencial metodológico. Se entrevistaron a 17 familias de pacientes adultos ingresados en un UTI de la Santa Casa de Londrina, de septiembre hasta diciembre de 2004. Del análisis de esas entrevistas, emergieron las categorías temáticas: experiencia difícil, dolorosa, sin palabras; ponerse en el lugar y percibir el otro: proximidad al sufrimiento del paciente; rompimiento de la relación con

  10. Bacterial Resistance and Mortality in an Intensive Care Unit Resistencia bacteriana y mortalidad en un Centro de Terapia Intensiva Resistência bacteriana e mortalidade em um centro de terapia intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Cristina de Oliveira

    2010-12-01

    Full Text Available The goal was to identify risk factors for healthcare-associated infections by resistant microorganisms and patient mortality in an Intensive Care Unit. A prospective and descriptive epidemiological research was conducted from 2005 till 2008, involving 2300 patients. Descriptive statistics, bivariate and multivariate logistic regression analysis were used. In bivariate analysis, infection caused by resistant microorganism was significantly associated to patients with community-acquired infection (p=0.03; OR=1.79 and colonization by resistant microorganism (pSe objetivó identificar factores de riesgo para el desarrollo de infecciones relacionadas al cuidar en salud, por microorganismos resistentes, y también investigar su relación con la mortalidad de los pacientes en un centro de terapia intensiva. Se trata de un estudio epidemiológico prospectivo realizado entre 2005 y 2008, envolviendo 2.300 pacientes. Se utilizó la estadística descriptiva y el análisis de regresión logístico bivariado y multivariado. En el análisis bivariado, la infección por microorganismos resistentes estuvo significativamente asociada a pacientes con infección comunitaria (p=0,03; OR=1,79 y a la colonización por microorganismo resistente (pObjetivou-se identificar fatores de risco para o desenvolvimento de infecções, relacionadas ao cuidar em saúde, por microrganismos resistentes e a mortalidade dos pacientes em um centro de terapia intensiva. Trata-se de estudo epidemiológico prospectivo, realizado entre 2005 e 2008, envolvendo 2.300 pacientes. Utilizou-se estatística descritiva, análise de regressão logística bivariada e multivariada. Na análise bivariada, a infecção por microrganismo resistente esteve significativamente associada a pacientes com infecção comunitária (p=0,03; OR=1,79 e colonização por microrganismo resistente (p<0,01; OR=14,22. Na análise multivariada, severidade clínica C (p=0,03; OR=0,25 e colonização por microrganismo

  11. Fatores associados à carga de trabalho de enfermagem em Unidade de Terapia Intensiva Factores asociados a la carga de trabajo de enfermería en Unidad de Terapia Intensiva Factors associated with nursing workload in adult intensive care units

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leilane Andrade Gonçalves

    2007-12-01

    Full Text Available Os objetivos desta pesquisa foram analisar a carga de trabalho de enfermagem e os fatores associados a ela, no primeiro dia de internação dos pacientes na Unidade de Terapia Intensiva (UTI. Trata-se de um estudo retrospectivo, de corte transversal e com abordagem quantitativa, realizado em abril de 2002 e outubro de 2004. Os dados foram extraídos de um banco de dados que reuniu informações de 5 UTIs de dois hospitais privados e a amostra foi constituída por 214 pacientes adultos que permaneceram no mínimo 24 horas na UTI. A média do escore total do Nursing Activities Score (NAS foi de 69,9% e mediana de 68,0%. Verificou-se, segundo a mediana, que 109 (50,9% indivíduos tiveram alta carga de trabalho de enfermagem e 105 (49,1% baixa carga. Observou-se também que a gravidade, a idade do paciente e o tipo de tratamento não foram fatores associados à demanda de trabalho de enfermagem.Los objetivos de esta pesquisa fueron analizar la carga de trabajo de enfermería y los factores asociados a ella, en el primer día de internación de los pacientes en la Unidad de Terapia Intensiva (UTI. Se trata de un estudio retrospectivo, de corte transversal y con abordaje cuantitativa, realizado en abril de 2002 y octubre de 2004. Los datos fueron extraídos de un banco de datos que reunió informaciones de 5 UTIs de dos hospitales particulares y la muestra fue constituida por 214 pacientes adultos que permanecieron en el mínimo de 24 horas en la UTI. La media de escore total del Nursing Activities Store (NAS fue de 69,9% y mediana de 68,0%. Se verificó, según la mediana, que 109 (50,9% individuos tuvieron alta carga de trabajo de enfermería y 105 (49,1% baja carga. Se observó también que la gravedad, la edad del paciente y el tipo de tratamiento no fueron factores asociados a la demanda de trabajo de enfermería.This study was aimed both at analyzing the nursing workload on the first day of admission of patients in Intensive Care Units (ICUs and

  12. CONDUTAS DE ENFERMEIROS NO TRATAMENTO DE FERIDAS NUMA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosa Aparecida Nogueira Moreira

    2009-01-01

    Full Text Available Se trata de un estudio exploratorio, con datos recogidos entre los meses de enero y febrero del 2007, en una unidad de vigilancia intensiva de Fortaleza – CE. La finalidad del estudio fue verificar la conducta de enfermeros de un hospital público de Fortaleza-CE sobre el tratamiento de heridas. Los datos se recogieron a través del registro de un formulario estructurado. Todos los enfermeros afirmaron que realizaban el registro de los cuidados y adoptaban algún criterio de evaluación, específicos para las heridas. Sobre los criterios de evaluación se destacaron: la presencia de exudado (56,2%, la amplitud, profundidad y tipo de tejido, todos con 43,7% de las respuestas. Cerca de 93,7% de los investigados consideran importante el trabajo multidisciplinario en el tratamiento de heridas. Se verificó que los enfermeros conocen bien los métodos terapéuticos en el cuidado de heridas.

  13. Factores de riesgo de las diarreas complicadas en niños que ingresan en terapia intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariela González Acosta

    2014-08-01

    Full Text Available Se realizó un estudio analítico, de tipo caso de control, en los pacientes ingresados en el hospital provincial pediátrico “Mártires de Las Tunas” con diagnóstico de enfermedad diarreica aguda complicada. Se estudió el período comprendido entre el primero de enero y el 31 de diciembre de 2012, para determinar los factores de riesgo que incidieron en la complicación de esta enfermedad. El universo estuvo constituido por todos los pacientes con diagnóstico de enfermedad diarreica aguda. La muestra se dividió en dos grupos: uno con 70 niños, que ingresaron en la sala de terapia intensiva del referido hospital en este periodo (grupo estudio con diagnóstico de enfermedad diarreica aguda complicada; y otro, con 140, que incluyó a aquellos pacientes que ingresaron en la sala de gastroenterología y no presentaron complicaciones (grupo control. Los datos se recogieron a partir de fuentes primarias y se almacenaron en una base de datos, creada con el programa computarizado Epiinfo versión 6; se realizó el procesamiento estadístico con cálculo de Odds ratio, con índice de confiabilidad de 95%. Se encontró que en las diarreas complicadas existió asociación con los siguientes factores: edad menor de un año, desnutrición, inmunodepresión, malas condiciones socioeconómicas, bajo nivel cultural en los padres, enfermedades crónicas asociadas y el uso previo de medicamentos

  14. CUIDADO COM A PELE DO RECÉM-NASCIDO PRÉ-TERMO EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA NEONATAL: CONHECIMENTO DA ENFERMEIRA

    OpenAIRE

    KARLA MARIA CARNEIRO ROLIM; DANIELLE CORTEZ LINHARES; LISANDRA SALES RABELO; ELOAH DE PAULA PESSOA GURGEL; FERNANDA JORGE MAGALHÃES; JOSELANY ÁFIO CAETANO

    2008-01-01

    El objetivo del estudio fue identificar el conocimiento de las enfermeras sobre las técnicas de prevención de lesiones en la piel del RNPT y verificar las posibles conductas utilizadas por estas profesionales en la eficiencia de la prevención de lesiones en la piel del bebé. Estudio observacional y descriptivo hecho en la Unidad de Terapia Intensiva Neonatal (UVIN) de la Maternidad Escuela Assis Chateaubriand, ubicada en Fortaleza-CE, durante el período de julio a octubre de 2007. Participaro...

  15. A IMPORTÂNCIA DA MOBILIZAÇÃO PRECOCE EM PACIENTES INTERNADOS NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA (UTI): REVISÃO DE LITERATURA

    OpenAIRE

    Salvador José de Castro Júnior

    2013-01-01

    O imobilismo, característico nos pacientes críticos das unidades de terapia intensiva (UTIs) acomete diversos órgãos e sistemas do organismo, ocasionando um prolongamento da internação e limitações funcionais que repercutem por algum tempo após a alta hospitalar, afetando a qualidade de vida e a reintegração do indivíduo a sociedade. A fisioterapia se faz importante nesse momento crítico através da intervenção precoce que auxilia na redução dos efeitos adversos da imobilidade. O o...

  16. Percepções de profissionais de saúde sobre a humanização em unidade de terapia intensiva adulto

    OpenAIRE

    Sanches, Rafaely de Cassia Nogueira; Gerhardt, Paula Cristina; Rêgo, Anderson da Silva; Carreira, Ligia; Pupulim, Jussara Simone Lenzi; Radovanovic, Cremilde Aparecida Trindade

    2016-01-01

    Resumo Objetivo: Compreender a percepção dos profissionais de saúde quanto ao cuidado humanizado em uma Unidade de Terapia Intensiva Adulto (UTI). Métodos: Estudo de natureza qualitativa, realizado junto a 13 profissionais de saúde com ensino superior que atuam na UTI de um hospital universitário, na região norte do estado do Paraná. A coleta se deu por meio de entrevista semiestruturada e submetidas à análise de conteúdo, modalidade temática. Resultados: Os profissionais de saúde apresent...

  17. Mulheres em idade fértil: causas de internação em Unidade de Terapia Intensiva e resultados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cátia Millene Dell Agnolo

    2014-08-01

    Full Text Available Introdução: Pacientes obstétricas representam uma fração significativa das admissões em unidades de cuidado intensivo e consistem em um desafio para a equipe. Objetivo: Analisar as principais causas de internação e morte materna de mulheres em idade fértil ocorridas em unidades de terapia intensiva de hospitais de um município do Noroeste do Paraná, Sul do Brasil. Métodos: Estudo exploratório, descritivo, retrospectivo, realizado com mulheres em idade fértil (10 a 49 anos internadas em três unidades de terapia intensiva existentes em um município do Noroeste do Paraná, por causas obstétricas e não obstétricas, no período de janeiro de 2005 a dezembro de 2009. Resultados: Foram encontradas 775 internações de mulheres em idade fértil, com uma média de idade de 33,7±10,3 anos, com duração média de internação de 5,0±8,4 dias. A maior parte das mulheres era do município estudado (67,2%, com baixa escolaridade (nível primário, 68,2%. Entre as causas obstétricas de internação, a pré-eclâmpsia grave e a eclâmpsia se constituíram na principal causa (71,3%; a pielonefrite se destacou sob outras condições no período gestacional (53%. Não foi encontrada associação estatística entre internações por causas obstétricas em unidade de terapia intensiva e óbito. Conclusão: As causas não obstétricas representaram a maioria das internações de mulheres em idade fértil nas unidades de terapia intensiva do município, no período estudado e, entre as causas obstétricas, a pré-eclâmpsia grave e eclampsia constituíram a principal causa.

  18. ANALISANDO A EFETIVIDADE DAS MEDIDAS DE PREVENÇÃO E CONTROLE DE PNEUMONIA ASSOCIADA À VENTILAÇÃO MECÂNICA NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA

    OpenAIRE

    Ramos, C. H.; SILVA, T. S.; NASCIMENTO, T.B.P; TORRES, V.P.S.

    2015-01-01

    A Unidade de Terapia Intensiva destina-se ao cuidado intensivo a pacientes críticos que podem apresentar comprometimento em seus sistemas fisiológicos o que resulta muitas vezes na perda da sua capacidade de autorregularão, sendo potencialmente recuperáveis com auxílio de equipe multiprofissional, alta tecnologia e recursos humanos especializados Neste contexto destaca-se a utilização de procedimentos invasivos como o uso de prótese ventilatória, frequentes em UTI, sendo considera...

  19. Investigação de imunodeficiências primárias em pacientes durante e após hospitalização em uma unidade de terapia intensiva pediátrica

    OpenAIRE

    Suavinho, érica

    2013-01-01

    Objetivo: Verificar se os pacientes internados na Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica do Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia com infecções graves foram submetidos à busca ativa de imunodeficiências primárias (IDP). Métodos: Estudo observacional retrospectivo realizado na Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica. Incluíram-se pacientes com diagnóstico de qualquer infecção grave admitidos de janeiro de 2011 a janeiro de 2012. Verificou-se se os pacientes admitidos real...

  20. Perfil Clínico-Epidemiológico de Pacientes que inician Terapia Intensiva con Estatinas para La Prevención Secundaria de Enfermedad Vascular en España

    OpenAIRE

    Diego Macías Saint Gerons; César de la Fuente Honrubia; Diana González Bermejo; Dolores Montero; Gil, Miguel J; Antonio Salvador Sanz; Fernando de Andrés Trelles; Ferrán Catalá López

    2015-01-01

    Las nuevas recomendaciones respecto a la utilización de estatinas potentes y/o dosis altas (terapia intensiva) para el tratamiento de la enfermedad cardiovascular se han basado en la extrapolación de los resultados de los ensayos clínicos. El objetivo fue describir el perfil clínico-epidemiológico de los pacientes que inician tratamiento con estatinas para la prevención secundaria en España y estudiar qué factores determinan la utilización de estatinas en terapia intensiva. Métodos: Estudio t...

  1. Relación de conteo de granulocitos inmaduros por citometria de flujo y niveles de procalcitonina como indicadores tempranos de sepsis en pacientes adultos de la unidad de terapia intensiva del Hospital Carlos Andrade Marin. 2011 – 2012

    OpenAIRE

    González Ñato, Rosa Julia; Reinoso Pérez, Karina Gabriela

    2014-01-01

    La sepsis constituye la principal causa de muerte en los pacientes de las Unidades de Terapia Intensiva, es considerada como la respuesta sistémica frente a la infección, en sus formas más severas. Estudios recientes muestran el significado clínico del recuento de Granulocitos inmaduros como un nuevo marcador de la inflamación aguda. Encontrándose que pacientes de las unidades de Terapia Intensiva pueden presentar un aumento de Granulocitos Inmaduros. Se realizó un estudio epidemiológico ana...

  2. Vivências paternas durante a hospitalização do recém-nascido prematuro na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciano Marques dos Santos

    2012-10-01

    Full Text Available Este estudo objetivou compreender as vivências paternas durante a hospitalização do recém-nascido prematuro na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal de um hospital público de Feira de Santana, Bahia. Trata-se de um estudo descritivo, exploratório e qualitativo, aprovado por Comitê de Ética em Pesquisa e realizado com nove pais, na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal de um hospital público. Os dados foram analisados através da Análise de Conteúdo, os quais apontaram que os partos prematuros causam sentimentos de surpresa, angústia e medo nos pais. É preciso repensar como ocorre a inserção dos pais do prematuro no processo de hospitalização, bem como mudanças nas rotinas estabelecidas para a visita e participação paterna no contexto do cuidado ao prematuro.

  3. Cuidado prestado pelo acadêmico de enfermagem em unidade de terapia intensiva neonatal na ótica da mãe

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandra Teixeira de Araújo Pacheco

    2001-12-01

    Full Text Available Este estudo buscou compreender o que significa para a mãe o cuidado prestado pelo acadêmico de enfermagem a seu filho na unidade de terapia intensiva neonatal. A pesquisa, de natureza qualitativa, teve como suporte a abordagem fenomenológica. Foram entrevistadas dez mães, cujos filhos recém-nascidos estavam internados em uma unidade de terapia intensiva neonatal localizada na cidade do Rio de Janeiro. A interpretação tendo como suporte filosófico o pensamento de Martin Heidegger, expresso na sua obra Ser e Tempo I, permitiu desvelar que para o ser-mãe, o acadêmico de enfermagem ao cuidar de seu filho, mostrou-se como um ser-aí solícito. As mães reconheceram neste cuidar uma relação de encontro, no qual o aluno pre-ocupou-se com o que fazia e com quem fazia, assumindo assim um modo autêntico de cuidar.

  4. Uso dos equipamentos de proteção individual em unidade de terapia intensiva Uso de los equipamientos de protección individual en unidad de terapia intensiva Use of personal protective equipment in the intensive care unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ellen Lucy Vale de Souza

    2011-07-01

    Full Text Available Apesar dos grandes avanços na prevenção de infeções hospitalares, a adesão aos equipamentos de proteção individual continua sendo um importante desafio entre os trabalhadores da saúde. Foi objetivo deste estudo analisar a utilização de equipamentos de proteção individual (EPIs pelos trabalhadores de enfermagem nas unidades de terapia intensiva de um hospital de emergência localizado no município de Fortaleza/CE, Brasil. Trata-se de um estudo exploratório, descritivo e transversal, realizado nas quatro unidades da referida instituição. A coleta de dados ocorreu nos meses de setembro e outubro de 2008, através de entrevista e observação, respeitando-se os aspetos ético-legais. Participaram do estudo 45 trabalhadores da equipe de enfermagem da UTI, nas categorias de técnico e auxiliar. Os resultados revelam que os técnicos e auxiliares de enfermagem têm consciência da importância do uso de EPIs, porém não os utilizam com a devida frequência na prática de seu cotidiano laboral, devido a problemas de ordem comportamental e de logística. Os resultados deste estudo oferecem bases para uma reflexão quanto à importância da identificação de facilidades e dificuldades encontradas pela equipe na utilização dos EPIs.Apesar de los grandes avances en la prevención de infecciones hospitalarias, la adhesión a los equipamientos de protección individual sigue siendo un importante desafío entre los trabajadores de la salud. Este estudio tuvo por objetivo analizar la utilización de equipamientos de protección individual (EPIs por los trabajadores de enfermería en las unidades de terapia intensiva de un hospital de emergencia localizado en el municipio de Fortaleza/CE, Brasil. Se trata de un estudio exploratorio, descriptivo y transversal, realizado en las cuatro unidades de la referida institución. La recolección de datos transcurrió durante los meses de septiembre a octubre de 2008, mediante entrevista y observaci

  5. Dimensionamento de pessoal de enfermagem em Unidade de Terapia Intensiva para adultos Dimensionamiento del personal de enfermería en una Unidad de Terapia Intensiva para adultos Sizing the nursing staff in an Intensive Care Unit for Adults

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kelly Cristina Inoue

    2010-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar o dimensionamento do pessoal de enfermagem da Unidade de Terapia Intensiva de Adultos (UTI-A através da aplicação do Nursing Activities Score (NAS e da Resolução COFEN n.º 293/2004. MÉTODOS: Pesquisa descritiva, exploratória realizada na UTI-A de um hospital-escola do Paraná, entre novembro/2007 e maio/2008. A população constituiu-se de 107 pacientes que permaneceram mais de 24 horas nessa unidade. RESULTADOS: De acordo com os resultados, a média do NAS (697,3 pontos aponta para alta carga de trabalho de enfermagem; a equipe de enfermagem do setor deve contar com 40 profissionais em ao invés de 28; a proporção de 35,7% de enfermeiros não corresponde com o recomendado que é de 52,5%. CONCLUSÃO: Apesar de algumas limitações do instrumento NAS para mensurar a carga de trabalho de enfermagem em UTI e do Índice de Segurança Técnica empírico, recomendado nacionalmente, concluiu-se que os dois métodos utilizados contribuem para um dimensionamento do pessoal de enfermagem mais adequado às necessidades desse serviço.OBJETIVO: Analizar el dimensionamiento del personal de enfermería de la Unidad de Terapia Intensiva para Adultos (UTI-A por medio del Nursing Activities Score (NAS y de la Resolución COFEN Nº 293/2004. MÉTODOS: Estudio descriptivo y exploratorio realizado en la UTI-A, de un hospital escuela de Paraná, entre Noviembre/2007 y Mayo/2008. La población estuvo constituida por 107 pacientes que permanecieron más de 24 horas en dicha unidad. RESULTADOS: De acuerdo a los resultados, la media del NAS (697,3 puntos apunta para: Una alta carga de trabajo de la enfermería; el equipo de enfermería del sector debe contar con 40 profesionales en lugar de los 28 actuales; la proporción de 35,7% enfermeros no corresponde con lo recomendado, que es de 52,5%. CONCLUSIÓN: A pesar de algunas limitaciones del instrumento NAS para medir la carga de trabajo de enfermería en la UTI-A y del Índice de Seguridad

  6. Causas de internações femininas em unidade de terapia intensiva adulto no Conjunto Hospitalar de Sorocaba-SP

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joe Luiz Vieira Garcia Novo

    2016-10-01

    Full Text Available Introdução: É evidente a necessidade de nova visão na abordagem de saúde e da vida das mulheres brasileiras. Estudos revelam maiores internações de mulheres em Unidade de Terapia Intensiva (UTI por doenças cardíacas, respiratórias e infecciosas. O conhecimento do perfil da clientela assistida em UTI é importante para oferecer dados consistentes que permitam melhor planejar o processo de assistência à saúde dos pacientes; Objetivo: Realizar estudo descritivo e identificar em prontuários de mulheres internadas em UTI Adulto do CHS os diagnósticos mais frequentes às necessidades de recuperação de saúde; Metodologia: Estudo descritivo quantitativo de mulheres internadas na UTI Adulto do CHS, de 01/01 a 31/12/2015, através de análises de prontuários e de pasta da UTI. Inseriram-se dados em planilha (EXCEL com iniciais do nome, número do prontuário, idade, cor, setor proveniente, cidade, diagnóstico de internação, tempo de internação, alta ou óbito. Utilizaram-se as frequências absoluta e relativa por tabulação simples das variáveis; Resultados: Dados da pasta da UTI: no total houve 462 (40,70% admissões de mulheres das 1135 internações de 01/01/2015 a 31/12/2015. A maioria com mais de 65 anos (185, internações até 10 dias (328, com alta (373, 314 advindas da Cirúrgica e 148 da Clínica Médica. Os diagnósticos mais presentes remetem, respectivamente, 95 às doenças do aparelho circulatório, 49 às do aparelho digestivo, e 48 de neoplasias (tumores; Conclusão: Verificou-se maior número de internações dentro do sistema circulatório, o que nos remete a uma reflexão do que cronicamente levou à alterações vasculares, comorbidades e cuidados preventivos para que estes dados fossem relevantes diante do total de diagnósticos.

  7. Epidemiologia molecolare di Acinetobacter baumannii in un reparto di terapia intensiva con la comparsa della resistenza ai carbapenemici

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R. Zarrilli

    2003-05-01

    Full Text Available

    L’epidemiologia molecolare delle infezioni da Acinetobacter baumannii nel reparto di terapia intensiva dell’A.U.P. “Federico II” di Napoli è stato studiata in due periodi finestra, da Maggio 1999 a Dicembre 2000 e da Gennaio a Dicembre 2002. L’analisi genotipica degli isolati clinici di A. baumannii da 131 pazienti effettuata mediante elettroforesi su gel a campo pulsante (PFGE ha identificato 9 differenti genotipi.

    Due di essi, i cloni B ed I, predominavano sugli altri ed erano isolati sequenzialmente nel corso delle due epidemie, essendo il clone B responsabile di 67 colonizzazioni e di 14 infezioni, il clone I di 5 colonizzazioni e di 38 infezioni. Inoltre, i due cloni epidemici di A. baumannii mostravano un antibiotipo particolarmente aggressivo, essendo resistenti a tutti gli antimicrobici analizzati, con l’eccezione dei carbapenemici per il clone B e per l’ampicillina-sulbactam e la gentamicina per il clone I.

    L’analisi mediante reazione a catena della polimerasi (PCR mostrava la presenza di due integroni di 2500 and 2200 basi nel genoma dei due cloni epidemici B ed I, rispettivamente, ma non in quello dei cloni sporadici. La sequenza nucleotidica dell’integrone del clone B mostrava quattro cassette geniche: aacC1, che codifica per la resistenza alla gentamicina, due regioni codificanti per proteine non note, ed il gene aadA1a, che codifica per la resistenza alla spectinomicina ed alla streptomicina.

    L’analisi nucleotidica dell’ integrone del clone I mostrava, invece, tre cassette geniche: il gene aacA4, che codifica per la resistenza all’ amikacina, alla netilmicina eed alla tobramicina, una regione codificante per una proteina non nota, ed il gene blaoxa-20, che codifica per una cabapamenasi di classe D. La presenza nei due cloni epidemici di due integroni contenenti diversi geni di resistenza agli amminoglicosidi ed una carbapamenasi di classe D è stata correlata con l’uso elevato nel

  8. ANÁLISE DOS ÓBITOS E CUIDADOS PALIATIVOS EM UMA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA NEONATAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ligia Marçola

    Full Text Available RESUMO Objetivo: Caracterizar as crianças admitidas na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal de um hospital universitário terciário que foram a óbito no período de 1.º/01/2012 a 31/07/2014 e que necessitavam de cuidados paliativos e/ou para as quais foram indicados tal tipo de cuidado. Métodos: Realizou-se estudo descritivo retrospectivo. Foi feita revisão dos prontuários desses pacientes para coleta de dados e análise estatística descritiva. Resultados: No período estudado 49 crianças morreram após, no mínimo, 48 horas de internação. Destas, 18% eram prematuros extremos e 77% apresentavam malformações maiores. Apesar de necessários a todos, cuidados paliativos foram realizados apenas em 20% dos casos de óbito. Dos 12 bebês que não foram reanimados, 33% não estavam em cuidados paliativos. A Unidade de Dor e Cuidados Paliativos da instituição acompanhou somente quatro crianças que ficaram em cuidados paliativos. Foram observados uso de muitos dispositivos invasivos e alto investimento terapêutico, além de escores de escala de dor alterados. Conclusões: Detectou-se neste estudo grande proporção de recém-nascidos com doenças e condições graves de saúde. Em alguns poucos casos foram estabelecidos cuidados paliativos, porém para a maior parte não foi nem discutido tal cuidado. Espera-se que este trabalho chame a atenção para a necessidade da proposição de protocolos nessa unidade e capacitação de equipes para o melhor tratamento dessas crianças.

  9. Enfermedad respiratoria grave en terapia intensiva durante la pandemia por el virus de influenza A (H1N1 2009

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Aquino-Esperanza

    2010-10-01

    Full Text Available Se describen pacientes hospitalizados en una unidad de terapia intensiva por enfermedad respiratoria aguda grave con características de influenza durante los primeros meses de la pandemia por influenza A(H1N1 2009 en la Argentina. Evaluamos datos clínicos, scores de gravedad, pruebas de laboratorio, microbiología y radiología torácica al ingreso, evolución y mortalidad hospitalaria, comparando pacientes con y sin confirmación de H1N1 por test de reacción de polimerasa en cadena, transcriptasa reversa (RT-PCR. Entre junio y julio de 2009 se internaron 31 pacientes adultos con una mediana de edad de 54 años (percentilo 25-75: 33-66. Presentaron test positivo para H1N1, 17 pacientes. Tenían al menos una condición concurrente 16 pacientes. La expresión radiográfica más frecuente fue infiltrados intersticio-alveolares bilaterales en 20 casos; 5 tenían consolidación lobar unilateral. La coinfección bacteriana (aislamiento de bacterias o IgM positiva para infecciones bacterianas, se demostró en 21 pacientes. Requirieron ventilación mecánica 23 pacientes y 18 desarrollaron síndrome de distrés respiratorio agudo (SDRA. La linfopenia y elevación de creatinina-fosfoquinasa fue frecuente (83% y 65%, respectivamente. Los 6 pacientes que murieron (19% eran mayores de 75 años o tenían cáncer o inmunodepresión. El tratamiento antiviral temprano (≤ 48 horas se asoció a menor necesidad de ventilación mecánica (54% vs. 89%; p: 0.043. No hubo diferencia significativa en las variables analizadas entre el grupo H1N1 positivo y el negativo, lo que sugiere tener igual enfoque terapéutico frente a una epidemia. La infección por H1N1 determinó falla respiratoria aguda y SDRA. La mortalidad ocurrió en pacientes añosos o con co-morbilidades graves.

  10. Terapia nutricional enteral em unidade de terapia intensiva: infusão versus necessidades Nutrition support in an intensive care unit: delivery versus requirements

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Carolina de Castro Teixeira

    2006-12-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Os pacientes internados em Unidade de Terapia Intensiva (UTI, freqüentemente apresentam depleção nutricional, tornando fundamental a monitoração diária da oferta nutricional. O objetivo desse estudo foi avaliar a adequação da Terapia Nutricional Enteral (TNE na UTI adulto e identificar as causas de interrupção da administração enteral prescrita. MÉTODO: Foi realizado um estudo observacional prospectivo de pacientes admitidos na UTI recebendo TNE exclusiva, durante 53 dias e infusão da dieta por meio de sistema fechado, infusão contínua (22 horas/dia e sonda na posição pós-pilórica. A velocidade de administração da dieta iniciada com 25 mL/h e progressão até atingir a meta nutricional conforme protocolo pré-estabelecido. RESULTADOS: Foram acompanhados 33 pacientes com idade entre 18 e 85 anos, 58% do sexo masculino. Os principais diagnósticos de internação foram causas cardiovasculares (27% e choque séptico (21%. O início da TNE ocorreu em 25,3 ± 20 h após a admissão e atingiu a velocidade de meta nutricional em 32 ± 20,1 h. O volume diário prescrito, estabelecido a partir das necessidades previa atingir 26,1 ± 3,7 kcal/kg e 1,04 g de proteína/kg de peso corporal ± 0,1 g/kg. O volume administrado atingiu 19,5 ± 5,6 kcal/kg e 0,8 g de proteína/kg ± 0,2 g/kg, correspondendo a adequação de 74%. Entre as causas da interrupção na administração da fórmula enteral, a maioria (40,6% foram para procedimentos de rotina relacionado ao paciente. CONCLUSÕES: Os valores calóricos e protéicos atingidos com TNE neste serviço estão adequados conforme dados da literatura. Estes pacientes apresentaram grave instabilidade clínica interferindo negativamente na tolerância à nutrição enteral. Pode-se constatar que a contínua sistematização de rotinas e treinamento da equipe contribuiu positivamente em atingir os objetivos da terapia nutricional.BACKGROUND AND OBJECTIVES: In

  11. Rinoplastia aberta

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pizarro Gilberto U.

    2002-01-01

    Full Text Available Introdução: A rinoplastia aberta teve início na década de 1930; em 1956 Secer publicou pela primeira vez a técnica de rinoplastia aberta, porém esta ganhou crédito a partir de 1972 com Padovan na América do Norte. As indicações da rinoplastia aberta são: nariz sem projeção da cartilagem da ponta ou que requer avanço funcional da cartilagem nasal; laterorinia; nariz traumático; casos de rinoplastia secundária; deformidades congênitas incluindo fenda labial; valvuloplastia nasal e aprendizado da rinoplastia. Forma de estudo: Clínico, retrospectivo. Material e método: Os autores realizaram um estudo retrospectivo de 16 pacientes submetidos à rinoplastia aberta, demonstrando suas indicações, vantagens e desvantagens. A rinoplastia aberta permite a manipulação global das estruturas nasais e suas correções, demonstrando ser uma técnica de simples manipulação e fácil aprendizado. Conclusão: Neste estudo não foram observadas complicações pós-operatórias relacionadas à técnica de rinoplastia aberta.

  12. Avaliação do Nível de Estresse da Equipe de Enfermagem em Terapia Intensiva/Evaluation of Stress Level Team Nursing in Intensive Care

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Costa dos Santos da Silva

    2012-12-01

    Full Text Available Objetivo: Avaliar o nível de estresse da equipe de enfermagem que atua em Terapia Intensiva, em um Hospital Universitário do Sul de Minas Gerais. Materiais e Métodos: Trata-se de um estudo descritivo, transversal, de abordagem quantitativa, aprovado pelo Comitê de Ética sob o Parecer nº 48/2011, desenvolvido em uma Unidade de Terapia Intensiva.A amostra constituiu-se de 20 profissionais de enfermagem. Para coleta de dados utilizou-se um questionário com questões semi-estruturadas e o Inventário de Sintomas de Stress para adultos de Lipp. Resultados: Verificou-se que a maioria dos sujeitos encontra-se na faixa etária de 20 a 30 anos (50%. Diante das situações de estresse, notou-se que 55% dos profissionais encontram-se na fase de resistência. A equipe considerou muito desgastante o relacionamento com outras unidades e supervisores (15%, a previsão e reposição de materiais (25%, assistência de enfermagem (10% e as condições de trabalho (10%. Conclusão: O estudo demonstra que a maioria dos profissionais de enfermagem atuante em terapia intensiva, apresenta sinais e sintomas de estresse, principalmente, na fase de resistência. Objective: To evaluate the stress level of the nursing team that works in the Intensive Care Unit in a School Hospital in southern Minas Gerais. Materials and Methods: This is a descriptive transversal study with a quantitative approach, approved by the Ethics Committee under the Opinion n. 48/2011, developed in an intensive care unit. The sample was consisted of 20 nurses. For data collection a questionnaire with semi-structured questions andthe Symptoms of Stress Inventory for adults Lipp was used . Results: It has beenfound that most subjects are aged 20 to 30 years (50%. In the face of stressful situations, it was noted that 55% of professionals are at the stage of resistance. The team considered to be very stressful the relationship with other units and supervisors (15%, forecasting and replenishment

  13. Perfil Clínico-Epidemiológico de Pacientes que inician Terapia Intensiva con Estatinas para La Prevención Secundaria de Enfermedad Vascular en España

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diego Macías Saint Gerons

    2015-01-01

    Full Text Available Las nuevas recomendaciones respecto a la utilización de estatinas potentes y/o dosis altas (terapia intensiva para el tratamiento de la enfermedad cardiovascular se han basado en la extrapolación de los resultados de los ensayos clínicos. El objetivo fue describir el perfil clínico-epidemiológico de los pacientes que inician tratamiento con estatinas para la prevención secundaria en España y estudiar qué factores determinan la utilización de estatinas en terapia intensiva. Métodos: Estudio transversal a partir de 88.751 pacientes ≥45 años con enfermedad cardiovascular que iniciaron tratamiento con estatinas (enero 2007-diciembre 2011. Los tratamientos con dosis superiores a 40 mg/día de simvastatina (o estatina equipotente se consideraron terapia intensiva. Se construyeron modelos de regresión logística multivariante con el fin de examinar la asociación de las variables relacionadas con la prescripción de terapia intensiva respecto al uso de la terapia moderada. Resultados: Se identificó a 16.857 personas adultas que iniciaron tratamiento con estatinas para la prevención secundaria. Los factores predictores para el inicio de terapia intensiva fueron el año de prescripción, sexo masculino (odds ratio ajustada: 1,70; IC95%: 1,44-2,00, edad >75 años (1,39; 1,15-1,69, historia previa de enfermedad isquémica coronaria (1,71; 1,44-2,04, accidente isquémico transitorio de cualquier localización (1,24; 0,97-1,59, tabaquismo (1,62; 1,34-1,95, hipertensión (1,41; 1,20-1,65 y tratamiento reciente con fibratos (2,32; 1,27-4,26. Conclusiones: La utilización de terapia intensiva con estatinas está determinada por el tipo de evento vascular previo y con la edad (>75 años, en los que el balance beneficio-riesgo podría ser discutible. No se encuentran diferencias estadísticamente significativas en función del c-LDL.

  14. Avaliação perioperatória de pacientes em unidade de terapia intensiva Perioperative assessment of the patients in intensive care unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Stelma Regina Sodré Pontes

    2013-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar as condições pré-operatórias e o procedimento cirúrgico relacionando-os à morbidade e mortalidade de pacientes cirúrgicos em uma unidade de terapia intensiva geral de um hospital universitário. MÉTODOS: Foram estudados os prontuários de pacientes submetidos a procedimentos cirúrgicos de médio e grande porte, admitidos na unidade de terapia intensiva geral. Foram analisados: dados demográficos, quadro clínico, registros de antecedentes pessoais e exames laboratoriais pré-operatórios e de admissão na unidade de terapia intensiva, exames de imagem, relato operatório, boletim anestésico e antibioticoprofilaxia. Após a admissão, as variáveis estudadas foram: tempo de internação, tipo de suporte nutricional, utilização de tromboprofilaxia, necessidade de ventilação mecânica, descrição de complicações e mortalidade. RESULTADOS: Foram analisados 130 prontuários. A mortalidade foi 23,8% (31 pacientes; Apache II maior do que 40 foi observado em 57 pacientes submetidos à operação de grande porte (64%; a classificação ASA e" II foi observada em 16 pacientes que morreram (51,6%; o tempo de permanência na unidade de terapia intensiva variou de um a nove dias e foi observado em 70 pacientes submetidos à cirurgia de grande porte (78,5%; a utilização da ventilação mecânica por até cinco dias foi observada em 36 pacientes (27,7%; hipertensão arterial sistêmica foi observada em 47 pacientes (47,4%; a complicação mais frequente foi a sepse. CONCLUSÃO: a correta estratificação do paciente cirúrgico determina sua alta precoce e menor exposição a riscos aleatóriosOBJECTIVE: To evaluate the preoperative condition and the surgical procedure of surgical patients in a general intensive care unit of a university hospital, relating them to morbidity and mortality. METHODS: We studied the medical records of patients undergoing medium and large surgical procedures, admitted to the general intensive

  15. I Recomendação brasileira de fisioterapia respiratória em unidade de terapia intensiva pediátrica e neonatal

    OpenAIRE

    Cíntia Johnston; Nathalia Mendonça Zanetti; Talitha Comaru; Simone Nascimento dos Santos Ribeiro; Lívia Barboza de Andrade; Suzi Laine Longo dos Santos

    2012-01-01

    Recomendações para a atuação do fisioterapeuta em unidade de terapia intensiva pediátrica e neonatal são fundamentais, pois esses profissionais são responsáveis pela reabilitação de pacientes graves. A reabilitação inclui desde a avaliação e prevenção de alterações cinético funcionais às intervenções de tratamento (fisioterapia respiratória e/ou motora), controle e aplicação de gases medicinais, cuidados da ventilação pulmonar mecânica invasiva e não invasiva, protocolos de desmame e extubaçã...

  16. Percepção de enfermeiros intensivistas sobre distanásia em unidade de terapia intensiva Intensivist nurses perception of intensive care unit dysthanasia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Salomão da Silva

    2009-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar e analisar a percepção de enfermeiros da unidade de terapia intensiva de um hospital escola em Londrina sobre distanásia em pacientes terminais na unidade de terapia intensiva. MÉTODOS: Estudo de natureza qualitativa. Os dados foram coletados por meio de entrevista semi-estruturada gravada, com nove enfermeiros das unidades de terapia intensiva de um hospital escola, no mês de janeiro de 2009. Foi utilizada a análise temática para analisar os discursos dos sujeitos e identificar as categorias de discussão. RESULTADOS: Foram identificadas cinco categorias que foram discutidas com base na experiência dos autores e na literatura, sendo elas: medidas que prolongam a vida do paciente fora de possibilidade de cura na unidade de terapia intensiva; ações/reações dos enfermeiros diante da distanásia; motivos que levam ao prolongamento da vida de pacientes fora de possibilidade de cura; sentimentos dos enfermeiros sobre a distanásia e prolongamento da vida; medidas de cuidado em oposição à distanásia. CONCLUSÃO: A vivência dos enfermeiros perante as ações de distanásia mostrou-se complexa, sendo um fator de sofrimento, frustração a inquietação para estes profissionais. A falta de comunicação destaca-se como fator importante na visão dos enfermeiros para a ocorrência de distanásia e a medida para substituir a distanásia são os cuidados que proporcionam alivio do sofrimento.PURPOSE: Identify and evaluate the perception of Intensivist Nurses in a University Hospital in Londrina, of dysthanasia in terminal patients at the Intensive Care Unit. METHODS: Qualitative study. Data were collected by semi-structured recorded interview involving nine nurses working in a university hospital intensive care units, during January 2009. A thematic analysis was used to evaluate subjects' speech and identify discussion categories. RESULTS: Five categories were identified, discussed based on the authors' experience and

  17. Fisioterapia respiratória, pressão intra-abdominal e função renal de pacientes de terapia intensiva

    OpenAIRE

    Demarchi, Ana Carolina dos Santos [UNESP

    2016-01-01

    Fundamentação. A presença de Hipertensão Abdominal é condição frequente em pacientes de UTI com importante impacto sobre a mortalidade. Tais pacientes contam com diversos fatores de risco para aumento da pressão abdominal, entre eles ventilação mecânica e balanço hídrico positivo. Um discreto aumento da pressão abdominal pode levar a disfunções orgânicas, entre elas a Lesão Renal Aguda, complicação bastante prevalente, que acomete pacientes internados em terapia intensiva, com importante impa...

  18. Desenvolvimento e validação de teoria fundamentada em dados sobre o ambiente de unidade de terapia intensiva Desarrollo y validación de la teoría fundamentada sobre el medio ambiente de la unidad de cuidado intensivo Development and validation of the theory based on data about the environment of the intensive care unit

    National Research Council Canada - National Science Library

    Marli Terezinha Stein Backes; Alacoque Lorenzini Erdmann; Andreas Büscher; Dirce Stein Backes

    2011-01-01

    ... construção da teoria substantiva, referente à Tese que teve como objetivos compreender o significado do ambiente de cuidados em Unidade de Terapia Intensiva e construir um modelo teórico sobre ele. O...

  19. Prevalência de micro-organismo e sensibilidade antimicrobiana de infecções hospitalares em unidade de terapia intensiva de hospital público no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lívia Moreira Barros

    2012-08-01

    Full Text Available As Infecções em Serviços de Saúde (ISS são consideradas problema de saúde pública, causando impacto na morbidade e mortalidade, no tempo de internação, nos custos com procedimentos diagnósticos e terapêuticos, impactando também o paciente, a família e a comunidade. Portanto, esse estudo objetivou-se a identificar prevalência, localização, micro-organismo e sensibilidade antimicrobiana de infecções hospitalares em Unidades de Terapia Intensiva. A população foi constituída por 702 pacientes adultos em tratamento intensivo, de janeiro a dezembro de 2007. A coleta de dados ocorreu a partir de consulta às fichas de busca ativa de infecção hospitalar e preenchimento de formulário. Os dados foram compilados em figuras e tabelas. A infecção hospitalar esteve presente em 202 (28,77% dos pacientes, predominantemente nos meses de dezembro, outubro, setembro e agosto; 132 (64,1% foram caracterizados como infecção respiratória. Os principais microrganismos responsáveis por infecções Pseudomonas aeruginosa 33,8% (51, S. aureus 25,2% (38, Acinetobacter sp. 12,6% (19, Enterobacter agglomerans 8,6% (13, Pseudomonas sp. 7,3% (11, E. coli 4,6% (7, Klebsiella pneumoniae 4,6% (7 e Candida sp. 3,3% (5. Os beta-lactâmicos apresentaram alta sensibilidade nos antibiogramas. As dificuldades de prevenção de infecções hospitalares se potencializam no ambiente de terapia intensiva, pelo comprometimento imunológico do paciente, variedade de microrganismos multiresistentes e uso de antimicrobianos de amplo espectro.

  20. I Recomendação brasileira de fisioterapia respiratória em unidade de terapia intensiva pediátrica e neonatal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cíntia Johnston

    2012-06-01

    Full Text Available Recomendações para a atuação do fisioterapeuta em unidade de terapia intensiva pediátrica e neonatal são fundamentais, pois esses profissionais são responsáveis pela reabilitação de pacientes graves. A reabilitação inclui desde a avaliação e prevenção de alterações cinético funcionais às intervenções de tratamento (fisioterapia respiratória e/ou motora, controle e aplicação de gases medicinais, cuidados da ventilação pulmonar mecânica invasiva e não invasiva, protocolos de desmame e extubação, insuflação traqueal de gás, protocolo de insuflação/desinsuflação do balonete intratraqueal, aplicação de surfactante, entre outros. Com o objetivo de propiciar a recuperação do doente e seu retorno às atividades funcionais. Nesse contexto, essas recomendações têm o objetivo de orientar os fisioterapeutas sobre algumas intervenções de prevenção/tratamento de fisioterapia respiratória (desobstrução das vias aéreas; reexpansão pulmonar; posicionamento no leito; aspiração das vias aéreas; inaloterapia; tosse assistida, que auxiliam no processo de reabilitação de pacientes pediátricos e neonatais em unidade de terapia intensiva em ventilação pulmonar mecânica e até 12 horas após a extubação.

  1. Fatores associados à maior mortalidade e tempo de internação prolongado em uma unidade de terapia intensiva de adultos Factors associated with increased mortality and prolonged length of stay in an adult intensive care unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Beatriz Francioso de Oliveira

    2010-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: A unidade de terapia intensiva é sinônimo de gravidade e apresenta taxa de mortalidade entre 5,4% e 33%. Com o aperfeiçoamento de novas tecnologias, o paciente pode ser mantido por longo período nessa unidade, ocasionando altos custos financeiros, morais e psicológicos para todos os envolvidos. O objetivo do presente estudo foi avaliar os fatores associados à maior mortalidade e tempo de internação prolongado em uma unidade de terapia intensiva adulto. MÉTODOS: Participaram deste estudo todos os pacientes admitidos consecutivamente na unidade de terapia intensiva de adultos, clínica/cirúrgica do Hospital das Clínicas da Universidade Estadual de Campinas, no período de seis meses. Foram coletados dados como: sexo, idade, diagnóstico, antecedentes pessoais, APACHE II, dias de ventilação mecânica invasiva, reintubação orotraqueal, traqueostomia, dias de internação na unidade de terapia intensiva, alta ou óbito na unidade de terapia intensiva. RESULTADOS: Foram incluídos no estudo 401 pacientes, sendo 59,6% homens e 40,4% mulheres, com idade média de 53,8±18,0 anos. A média de internação na unidade de terapia intensiva foi de 8,2±10,8 dias, com taxa de mortalidade de 13,46%. Dados significativos para mortalidade e tempo de internação prolongado em unidade de terapia intensiva (p11, traqueostomia e reintubação. CONCLUSÃO: APACHE >11, traqueostomia e reintubação estiveram associados, neste estudo, à maior taxa de mortalidade e tempo de permanência prolongado em unidade de terapia intensiva.OBJECTIVE: The intensive care unit is synonymous of high severity, and its mortality rates are between 5.4 and 33%. With the development of new technologies, a patient can be maintained for long time in the unit, causing high costs, psychological and moral for all involved. This study aimed to evaluate the risk factors for mortality and prolonged length of stay in an adult intensive care unit. METHODS: The study

  2. Fatores potencialmente associados à decisão de admissão à unidade de terapia intensiva em um país em desenvolvimento: um levantamento de médicos brasileiros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Gabriel Rosa Ramos

    Full Text Available RESUMO Objetivo: Avaliar os fatores potencialmente associados à decisão de admitir um paciente à unidade de terapia intensiva no Brasil. Métodos: Foi realizado um levantamento eletrônico de médicos brasileiros atuantes em unidades de terapia intensiva. Catorze variáveis consideradas potencialmente associadas à decisão de admitir um paciente à unidade de terapia intensiva foram pontuadas como importante (de 1 a 5 pelos participantes e, mais tarde, agrupadas como fatores "relacionados ao paciente", "relacionados à escassez" e "relacionados à administração". O ambiente de trabalho e as características do médico foram avaliados quanto à sua correlação com as pontuações dos fatores. Resultados: Durante o período do estudo, 125 médicos preencheram o formulário. Os escores dos fatores relacionados ao paciente foram pontuados, em termos de seu potencial para afetar as decisões, em um nível mais alto do que os fatores relacionados à escassez ou à administração, com média (mais ou menos o desvio padrão, respectivamente, de 3,42 ± 0,7, 2,75 ± 0,7 e 2,87 ± 0,7 (p < 0,001. O prognóstico da doença de base do paciente foi classificado em 64,5% pelos médicos como afetando sempre ou frequentemente as decisões, seguido por prognóstico da doença aguda (57%, número de leitos disponíveis na unidade de terapia intensiva (56% e vontade dos pacientes (53%. Após o ajuste de fatores de confusão, o recebimento de treinamento específico em triagem para terapia intensiva se associou com escores mais elevados dos fatores relacionados ao paciente e à escassez, enquanto o fato de trabalhar em uma unidade de terapia intensiva pública (em oposição a trabalhar em uma unidade de terapia intensiva privada se associou com gradações mais elevadas para fatores relacionados à escassez. Conclusões: Os fatores relacionados ao paciente foram classificados como tendo potencial de afetar as decisões de admissão à unidade de terapia

  3. Sepse tardia em pré-termos de uma unidade de terapia intensiva neonatal: análise de três anos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Brunnella Alcantara Chagas de Freitas

    2012-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a prevalência, os fatores e os agentes etiológicos associados à sepse neonatal tardia em pré-termos de uma unidade de terapia intensiva neonatal. MÉTODOS: Estudo transversal, de dados secundários de prontuários de pré-termos admitidos em uma unidade de terapia intensiva neonatal, no triênio 2008-2010. Caracterizou-se a variável desfecho sepse neonatal tardia pelos critérios da Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Empregaram-se os testes do Qui-quadrado de Pearson, exato de Fisher ou Qui-quadrado de tendência linear para as variáveis qualitativas. Considerou-se significante p<0,05. Realizaram-se análises bivariadas e multivariadas entre as variáveis independentes e a dependente, obtendo-se como medida de efeito as razões de prevalências, considerando-se p<0,20. RESULTADOS: Participaram do estudo 267 prematuros. Destes, 28,5% evoluíram com sepse tardia, com positividade de hemocultura em 17,1%. Evoluíram a óbito 8,2% dos pré-termos e, destes, 68,2% eram do grupo sepse. Associaram-se à hemocultura positiva três óbitos, todos com a participação de Gram-negativos. Na análise bivariada para o desfecho sepse tardia observou-se que, à medida que decresceram a idade gestacional e o peso ao nascer, houve aumento de sua prevalência. A duração de ventilação mecânica e de cateter central de inserção periférica por períodos iguais ou superiores respectivamente a 10 e 11 dias se associaram ao desfecho sepse neonatal tardia em 80,8% e 76,2% dos pré-termos. Na análise multivariada, permaneceu como fator associado à sepse tardia o tempo de cateter central de inserção periférica igual ou superior a 11 dias. Houve maior participação dos Gram-negativos como agentes etiológicos, sendo mais frequentes a Klebsiella pneumoniae e a Escherichia coli. CONCLUSÕES: A sepse tardia mantém-se uma preocupação por sua prevalência nas unidades de terapia intensiva e pela associação a procedimentos

  4. Transtorno de estresse pós-traumático em pacientes de unidade de terapia intensiva Post-traumatic stress disorder in intensive care unit patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andrea Vannini Santesso Caiuby

    2010-03-01

    Full Text Available O transtorno de estresse pós-traumático tem sido descrito em pacientes após tratamento em unidade de terapia intensiva. O objetivo foi revisar estudos sobre os aspectos psicológicos e as intervenções terapêuticas destes pacientes após internação em unidade de terapia intensiva. Trinta e oito artigos foram incluídos. A prevalência de transtorno de estresse pós-traumático variou de 17% a 30% e a incidência de 14% a 24%. Os fatores de risco foram: história prévia de ansiedade, depressão ou pânico, ter memórias traumáticas ilusórias (memórias derivadas de formações psíquicas como sonho e delirium, tempo de ventilação mecânica, experiências estressantes, crenças e comportamentos de característica depressiva. Doses altas de opióides, sintomas na retirada da sedação ou analgesia e o uso de lorazepam foram relacionados ao aumento de delirium e de memória ilusória. A sintomatologia do transtorno pode ser reduzida com a administração de hidrocortisona, com a interrupção diária da sedação e não foram encontrados estudos de efetividade de intervenção psicológica.Post-traumatic stress disorder has been detected in patients after treatment in intensive care unit. The main goal of this study is to review the psychological aspects and therapeutic interventions on those patients after their treatment on intensive care unit. Thirty eight articles have been included. The prevalence of post-traumatic stress disorder has varied from 17% up to 30% and the incidence from 14% to 24%. The risk factors were: previous anxiety historic, depression or panic, having delusional traumatic memories (derived from psychic formations as dreams and delirium, belief effects, depressive behavior, stressing experiences and mechanical ventilation. High doses of opiates, symptoms caused by sedation or analgesia reduction and the use of lorazepam were related with the increase of delirium and delusional memory. The disorder sintomatology

  5. Prevalência de interações medicamentosas em unidades de terapia intensiva no Brasil Prevalence of drug interactions in intensive care units in Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rhanna Emanuela Fontenele Lima de Carvalho

    2013-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Determinar a prevalência de interações medicamentosas em unidades de terapia intensiva e analisar a significância clínica das interações identificadas. MÉTODOS: Estudo multicêntrico, transversal e retrospectivo desenvolvido com 1124 pacientes em sete unidades de terapia intensiva (UTI de hospitais de ensino no Brasil. As informações sobre os medicamentos administrados com 24 horas e 120 horas de internação foram obtidas nas prescrições. RESULTADOS: Em 24 horas 70,6% dos pacientes apresentaram pelo menos uma interação medicamentosa. O número de interações medicamentosas detectadas em 24 horas foi 2299 e em 120 horas foi 2619. Midazolam, fentanil, fenitoína e omeprazol foram os fármacos com maior frequência de interações medicamentosas. CONCLUSÃO: Nesta amostra, interações medicamentosas moderadas e graves foram mais prevalentes. Diante desses resultados, todas as ações dos profissionais de saúde que prestam assistência ao paciente devem ser integradas visando identificar e prevenir possíveis eventos a medicamentos.OBJECTIVE: To determine the prevalence of drug interactions in intensive care units and to analyze the clinical significance of interactions identified. METHODS: A multicenter, retrospective and cross sectional study conducted with 1124 patients in the seven intensive care units of teaching hospitals in Brazil. Information on drugs administered at 24 hours and 120 hours of hospitalization was obtained from the prescriptions. RESULTS: Within 24 hours, 70.6% of patients had at least one drug interaction; the number at 24h was 2299, at 120 h it was 2619. Midazolam, fentanyl, phenytoin and omeprazole were the drugs with higher frequency of drug interactions. CONCLUSION: In this sample, moderate and severe drug interactions were more prevalent. In light of these findings, all actions of health professionals who provide care to these patients must be integrated in order to identify and prevent

  6. Infecções relacionadas à assistência à saúde por Staphylococcus coagulase negativa em unidade de terapia intensiva neonatal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andre Ricardo Araujo da Silva

    2013-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar as infecções relacionadas à assistência à saúde, em unidade de terapia intensiva neonatal, causadas pelo Staphylococcus coagulase negativa, verificando o perfil de sensibilidade antimicrobiana e possíveis esquemas antibióticos eficazes. MÉTODOS: Estudo descritivo retrospectivo de uma série de casos de infecções relacionadas à assistência à saúde tardias de origem hospitalar atribuída ao Staphylococcus coagulase negativa, avaliando o perfil de sensibilidade antimicrobiana. Foram estudados os recém-nascidos internados entre 1º de janeiro de 2010 a 30 de junho de 2012 em uma unidade de terapia intensiva neonatal da cidade do Rio de Janeiro, sendo todos os pacientes oriundos de outras unidades. RESULTADOS: Foram admitidos 765 pacientes, totalizando 3.051 pacientes-dia e uma densidade de incidência de infecção geral de 18,9 por 1.000 pacientes-dia. A taxa de utilização de cateteres venosos centrais foi de 71,6% e a positividade das culturas de todos os sítios para todas as infecções relacionadas à assistência à saúde foi de 68,4%. O Staphylococcus coagulase negativa foi implicado em 11 (19,2% das 57 infecções relacionadas à assistência à saúde e Klebsiela pneumoniae produtor de betalactamase de espectro estendido e Candida sp em 5 ocasiões cada. Das 11 infecções, 10 (90,9% foram atribuídas a infecções primárias de corrente sanguínea. A sensibilidade dos isolados de Staphylococcus coagulase negativa em relação à vancomicina, clindamicina, ciprofloxacin, oxacilina e gentamicina foi de 100%, 81,8%, 72,7%, 27,2%, 22,2%, respectivamente. Não houve óbito atribuído diretamente à infecção por Staphylococcus coagulase negativa. CONCLUSÃO: O Staphylococcus coagulase negativa foi o principal agente encontrado nas infecções relacionadas à assistência à saúde tardias de origem hospitalar, sendo baixas as taxas de infecções relacionadas a cateter venoso central. Em hospitais

  7. Como implementar cuidados paliativos de qualidade na unidade de terapia intensiva How to implement quality in palliative care at intensive care unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rubens C Costa Filho

    2008-03-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Os cuidados paliativos têm como objetivo a prevenção e o alívio do sofrimento, melhorando a comunicação e o sinergismo com a terapêutica curativa. Esta filosofia de tratamento conjuga os valores dos pacientes e de seus familiares, facilitando as transferências entre os vários setores intra-hospitalares, que possam estar conduzindo um paciente com grave risco de vida. CONTEÚDO: Apesar de ainda estar se desenvolvendo em todo o mundo, os cuidados paliativos estão progressivamente integrando-se aos cuidados curativos, inclusive nos ambientes de terapia intensiva. Entretanto, várias evidências têm demonstrado que esta abordagem médica ainda precisa melhorar, seja para os pacientes com sintomas de desconforto significativos ou dores físicas, nas unidades de terapia intensiva, ou na percepção dos familiares, que também é falha, sobretudo no que cerne às recomendações básicas como as intervenções diagnósticas, prognósticas e terapêuticas. CONCLUSÕES: O desenvolvimento de pesquisa nesta área promoverá indicadores de desempenho, o que nos garantirá eficiência, qualidade operacional, e melhoria constante desses cuidados. Este artigo destaca a importância da medicina paliativa e propõe alternativas e planos para promoção de uma abordagem paliativa em tempo apropriado, no sentido de tornar a medicina geral mais próxima dos valores e dignidade humana.BACKGROUND AND OBJECTIVES: Palliative care has the objective of preventing and relieving suffering by improving communication and synergism with curative therapy. This philosophy of treatment combines the patients' values and their families and facilitates the movement in various hospital departments, which might occur with critically ill patients. CONTENTS: Though still little developed in the world, palliative care is gradually integrating curative care in intensive care units. However, various pieces of evidence have been showing that there is

  8. Enfermagem e a relação com as mães de neonatos em Unidade de Terapia Intensiva Neonatal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ariane Thaise Frello

    2012-06-01

    Full Text Available As relações estabelecidas com a enfermagem frente à experiência do nascimento prematuro de um filho influencia a vivência da mulher. O objetivo deste estudo foi delinear a relação entre a equipe de enfermagem e as mães com bebês internados na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal, apresentada em artigos publicados entre 2005 e 2010. Foram utilizadas as bases de dados CINAHL, MEDLINE e LILACS, com estudos publicados entre 2005 e 2010 com os descritores: Neonatal Nursing, Premature, Mothers and Nursing Care, totalizando 21 artigos organizados nas categorias: Fases Enfrentadas pelos Pais durante a Estadia do Bebê na UTIN; Relação entre Enfermeira e Mãe; Suporte da Enfermagem; Descuidado na Relação entre Enfermeira e Mãe e Ações de Educação em Saúde. Os estudos apontam a necessidade das mães por suporte o que inclui apoio emocional, envolvimento nos cuidados ao bebê, disponibilidade para estar e conversar.

  9. Percepção da comunicação, satisfação e necessidades dos familiares em Unidade de Terapia Intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Claudia Puggina

    2014-04-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi identificar e comparar a percepção da comunicação não verbal expressa durante a visita hospitalar com o grau de satisfação e de importância dos familiares em relação às suas necessidades na UTI. Métodos: estudo descritivo e transversal quantitativo. Um instrumento de identificação da comunicação não verbal adaptado e o Inventário de Necessidades e Estressores de Familiares em Terapia Intensiva (INEFTI foram utilizados. Resultados: os familiares têm necessidades consideradas importantes que ainda não são satisfeitas pela equipe multiprofissional e dinâmica na UTI. Perceberam sinais não verbais de aproximação e conforto e de defesa e desconforto (expressão facial tensa, de ansiedade, medo, dúvida ou inexpressiva, movimentos corporais rápidos e uma postura corporal rígida e tensa expressos por eles mesmos durante a visita hospitalar. Conclusão: quanto maior a avaliação da importância das necessidades relacionadas ao suporte, maior foi o uso de comportamentos não verbais efetivos pelo familiar durante a visita.

  10. Definição operacional da qualidade da assistência de enfermagem em Unidade de Terapia Intensiva de um Hospital-Escola

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elisabeth Dreyer

    1997-06-01

    Full Text Available A finalidade deste estudo foi a elaboração de normas e critérios válidos de qualidade da assistência de enfermagem em unidade de terapia intensiva (UTI, com base na estratégia de avaliação de Donabedian. 18 normas e 219 critérios foram redigidos por um grupo de enfermeiras assistenciais da UTI de um hospital-escola, seguindo um protocolo estabelecido. Ato. contínuo, foram avaliados por quatorze enfermeiras experts em JJTI de outros cinco centros paulistas, através de um questionário escrito. Os resultados evidenciaram uma boa aceitação dos critérios, sendo que somente um foi rejeitado. Isso mostrou que as enfermeiras da UTI e as experts dos diversos centros implicados têm concepções semelhantes da qualidade da assistência de enfermagem em UTI. A definição operacional obtida constitui uma base para um instrumento de medida da qualidade. A participação das enfermeiras assistências a todo o processo é recomendada.

  11. Percepções de profissionais de saúde sobre a humanização em unidade de terapia intensiva adulto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafaely de Cassia Nogueira Sanches

    2016-03-01

    Full Text Available Resumo Objetivo: Compreender a percepção dos profissionais de saúde quanto ao cuidado humanizado em uma Unidade de Terapia Intensiva Adulto (UTI. Métodos: Estudo de natureza qualitativa, realizado junto a 13 profissionais de saúde com ensino superior que atuam na UTI de um hospital universitário, na região norte do estado do Paraná. A coleta se deu por meio de entrevista semiestruturada e submetidas à análise de conteúdo, modalidade temática. Resultados: Os profissionais de saúde apresentaram dificuldades em emitirem uma definição clara e objetiva para o conceito de humanização. Relataram também que a rotina somada ao nível neurológico rebaixado das pessoas e a valorização do profissional interferem na prática e oferta do cuidado humanizado. Conclusão: O estudo possibilitou a realização de uma reflexão baseada no conceito amplo da humanização, articulado com as dificuldades cotidianas que os profissionais encontram em sua aplicabilidade, evidenciando um distanciamento entre a teoria e prática.

  12. Investigação da técnica de preparo de medicamentos para administração por cateteres pela enfermagem na terapia intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina de Deus Lisboa

    2013-02-01

    Full Text Available Esta pesquisa teve como objetivo identificar a forma farmacêutica dos medicamentos preparados para serem administrados por cateteres e o perfil dos erros cometidos durante o preparo. Trata-se de estudo epidemiológico transversal, de natureza observacional, conduzido em uma unidade de terapia intensiva com amostra de 350 doses de medicamentos preparados por 56 técnicos de enfermagem. A coleta de dados ocorreu no mês de março de 2010. Os resultados mostram que 92% dos medicamentos eram sólidos. Os erros foram agrupados nas categorias diluição e mistura para formas líquidas, acrescidos de trituração para sólidos. As taxas de erro foram superiores a 40% em todas as categorias. Concluiu-se que: a trituração indevida pode ter comprometido o resultado terapêutico em comprimidos revestidos e de liberação controlada; não diluir xaropes pode ter contribuído para a obstrução de cateteres; misturar medicações ao triturá-las pode aumentar o risco de interações farmacêuticas.

  13. Mecanismos de coping utilizados por familiares de pacientes em terapia intensiva = Coping mechanisms used by family of patients in intensive care

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dreffs, Franciele de Melo Leal

    2013-01-01

    Full Text Available Introdução: Vivenciar o adoecimento de um ente querido gera inúmeros sentimentos, principalmente se associados à internação em unidade de terapia intensiva (UTI. Objetivo: Analisar os mecanismos de coping utilizados por familiares para enfrentar a internação hospitalar do paciente em UTI adulto e coronariana. Materiais e Métodos: Estudo quantitativo, descritivo, transversal, realizado na sala de espera das respectivas unidades, em setembro e outubro de 2011, com oitenta familiares. Instrumentos de coleta de dados: sociodemográficos e inventário de Coping-Jalowiec. Foram respeitados todos os aspectos éticos de pesquisas com seres humanos e o projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética, sob o parecer n° 220. 1/2011. Resultados: 63,8% dos familiares pesquisados são mulheres, 41-70 anos incompletos, casadas, com filhos e católicas. O estilo de coping mais utilizado foi o sustentativo. A avaliação da confiabilidade do inventário de Coping foi determinada pelo Coeficiente Alfa de Cronbach (0,9221. Conclusão: Os resultados podem servir de subsídios para qualificar a assistência de enfermagem, extensivo aos familiares que, igualmente, necessitam serem cuidados

  14. INFECÇÃO URINÁRIA EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA: UM INDICADOR DE PROCESSO PARA PREVENÇÃO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mayra Gonçalves Menegueti

    2012-01-01

    Full Text Available Este estudio descriptivo con objetivo de evaluar los factores predisponentes para ocurrencia de Infección del Tracto Urinario en pacientes críticamente enfermos en unidad de terapia intensiva. Se utilizó un indicador de evaluación de las condiciones de manutención del cateterismo vesical de demora, constituido de cinco componentes. La recolección de datos ocurrió entre julio y agosto de 2007, diariamente, por medio de observaciones directas. De 471 observaciones, el componente posicionamiento de la bolsa de recogida obtuvo 100% de adecuación, sistema cerrado de drenaje 99%, flujo de orina sin obstáculos 96%, volumen de orina abajo de dos tercios del nivel de la bolsa de recogida 96% y fijación de la sonda vesical fue atendida en 7%, comprometiendo el indicador evaluado. Los indicadores de proceso son herramientas útiles para la prevención del control de infección, pues permiten evaluaciones sistemáticas de las intervenciones y, consecuentemente, proposiciones de estrategias educativas mejor estructuradas.

  15. Transfusão de concentrado de hemácias na unidade de terapia intensiva Red blood cells transfusion in intensive care unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Solange Emanuelle Volpato

    2009-12-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A anemia é um problema comum na admissão dos pacientes nas unidades de terapia intensiva, sendo a prática de transfusão de concentrado de hemácias uma terapêutica freqüente. As causas de anemia em pacientes críticos que realizam transfusão de concentrado de hemácias são várias: perda aguda de sangue após trauma, hemorragia gastrointestinal, cirurgia, dentre outras. Atualmente, poucos estudos são disponibilizados sobre o uso de hemocomponentes em pacientes sob cuidados intensivos. Embora as transfusões sangüíneas sejam freqüentes em unidades de terapia intensiva, os critérios de manejo otimizados não são claramente definidos, não existindo, inclusive, guidelines específicos. OBJETIVOS: Analisar as indicações clínicas do uso do concentrado hemácia na unidade de terapia intensiva. MÉTODOS: Foram analisados os prontuários dos pacientes internados na unidade de terapia intensiva que realizaram transfusão de concentrado de hemácias no período de 1º de janeiro de 2005 a 31 de dezembro de 2005. O trabalho foi aceito pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade do Sul de Santa Catarina (UNISUL. RESULTADOS: A taxa de transfusão foi de 19,33%, tendo predomínio do gênero masculino. Prevalência de paciente com idade superior ou igual a 60 anos. A taxa de óbitos nos pacientes transfundidos com concentrado de hemácias foi de 38,22%. O critério de indicação de transfusão mais freqüente foi por baixa concentração de hemoglobina (78% com média da hemoglobina pré-transfusional de 8,11g/dl. CONCLUSÕES: Os diagnósticos pré-transfusão mais frequentes são politrauma e sepse/choque séptico. Baixa concentração de hemoglobina é o principal critério clínico com média pré-transfusional de 8,11g/dl.BACKGROUND: The anemia is a common problem upon admission of the patients in the intensive care unit being the red blood cell transfusion a frequent therapeutic. The causes of anemia in critical

  16. Respostas fisiológicas e comportamentais de recém-nascidos durante o manuseio em unidade de terapia intensiva neonatal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Jorge Magalhães

    2011-01-01

    Full Text Available En la Unidad de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN, el recién nacido (RN recibe tratamiento de urgencia para mejorar su condición clínica, con varios episodios de manejo. El objetivo fue verificar las respuestas fisiológicas y de comportamiento del recién nacido hospitalizado en la UTIN y proponer un protocolo de manejo mínimo del RN en la UTIN. Estudio exploratorio, descriptivo, planteo cuantitativo; realizado en la UTIN de un hospital universitario, en Fortaleza/ Ceará. Muestra de 26 RNs; los datos se recogieron en abril de 2010. Se comprobó que los recién nacidos presentaron un promedio de ocho respuestas fisiológicas o de comportamiento. Las principales fueron: arquear las cejas, respuestas faciales y aumento del tono muscular, lo que puede suponer para el recién nacido malestar, desorganización y dolor ante los procedimientos. Se concluye que el manejo excesivo altera los aspectos fisiológicos y de comportamiento del RN, de modo que el protocolo de manejo mínimo del RN puede ser una estrategia para mantener el bienestar.

  17. Segurança emocional como necessidade humana básica: atuação do enfermeiro junto ao cliente em unidade de terapia intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Teresinha de Jesus Monteiro Espírito Santo

    1985-12-01

    Full Text Available Pesquisa descritiva exploratória que se propõe a investigara atuação do enfermeiro da Unidade de Terapia Intensiva, referenciando como este identifica, diagnostica e resolve os problemas ligados à segurança emocional dos clientes internados. O estudo abrangeu vinte e oito enfermeiros e dez clientes das unidades de três hospitais da Cidade do Rio de Janeiro. A técnica adotada para pesquisa consistiu da observação sistemática não participada. Os resultados obtidos demonstraram que os procedimentos terapêuticos dominantes recaem sobre alterações físicas em detrimento do emocional, evidenciando que o enfermeiro, ao distanciar-se de uma atuação holística, acarretará sérios prejuízos na assistência destes clientes, cuja necessidade humana básica afetada é predominantemente relacionada à segurança emocional.

  18. AVALIAÇÃO DA CULTURA DE SEGURANÇA DO PACIENTE EM TERAPIA INTENSIVA NA PERSPECTIVA DA EQUIPE DE SAÚDE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Minuzz

    2016-01-01

    Full Text Available Estudio descriptivo exploratorio con abordaje cuantitativo, que tuvo como objetivo evaluar las dimensiones de la cultura de seguridad del paciente desde la perspectiva de los profesionales de la salud de una Unidad de Terapia Intensiva. La recolección de datos tuvo lugar entre noviembre de 2013 y enero de 2014 con la aplicación del cuestionario Encuesta sobre la Seguridad del Paciente en Hospitales a 59 profesionales de la salud. Los resultados apuntan mejores evaluaciones en las dimensiones: expectativas y acciones de promoción de la seguridad del paciente del supervisor; del trabajo en equipo en la unidad y apertura para la comunicación. Los aspectos con peores evaluaciones fueron: el apoyo de la gestión hospitalaria para la seguridad del paciente; las respuestas no punitivas a los errores y el trabajo en equipo entre las unidades. El estudio demostró una cultura de seguridad con potencial de mejoras en todas las dimensiones de la cultura de seguridad del paciente, sirviendo para instrumentalizar la planificación de estrategias para la seguridad del paciente en esta institución.

  19. Alocação da equipe de enfermagem e ocorrência de eventos adversos/incidentes em unidade de terapia intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leilane Andrade Gonçalves

    2012-10-01

    Full Text Available A segurança do paciente representa um desafio para a excelência da qualidade no setor saúde. Este estudo objetivou: verificar a adequação entre a alocação da equipe de enfermagem e as horas de cuidado requeridas pelos pacientes, bem como identificar a relação entre essa alocação com eventos adversos/incidentes (EA/I. Trata-se de pesquisa observacional, descritiva e prospectiva, desenvolvida nas Unidades de Terapia Intensiva Clínicas do 4º andar e 6º andar de um Hospital Universitário, do município de São Paulo, Brasil, no período de 01/11/07 a 10/12/07, com 46 pacientes. Nas UTIs 4º andar e 6º andar, respectivamente, 43,3% e 10,3% das alocações foram inadequadas (p = 0,000. Houve diferença na frequência de EA/I nas alocações adequadas e inadequadas da equipe de enfermagem da UTI 4º andar e UTI 6º andar, p = 0,0004 e p = 0,000, respectivamente. Concluiu-se que, quanto maior a diferença entre as horas disponíveis e requeridas de cuidado nas alocações de enfermagem, menor a frequência de EA/I.

  20. O cuidar de crianças egressas da unidade de terapia intensiva neonatal no espaço domiciliar: instrumentos mediadores das famílias

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Medeiros de Moraes Rezende Montenegro

    2004-01-01

    Full Text Available Este estudio presenta los instrumentos mediadores que las familias utilizan en el domicilio para cuidar del niño egresado de la terapia intensiva neonatal, con el objectivo de describir y analizar como fueron interiorizados e incorporados por las familias en el cotidiano del cuidado. Se trata de un estudio cualitativo, desarrollado a través del método creativo sensible a través de la implementación de la dinámica grupal cuerpo-saber. El escenario fue el domicilio de las familias inscritas en el Proyecto de Extensión “La salud del bebé comienza en casa” de la UFRJ, distribuidas por el Municipio de Río de Janeiro-Brasil. Participaron cinco grupos familiares, nueve estudiantes académicas y tres enfermeras. Se concluyó que, al cuidar del cuerpo diminuto y desafiador del niño, al lidiar con la demanda de los cuidados medicamentosos y los relacionados a los hábitos de vida diaria, las familias interiorizaron e incorporaron instrumentos disponibles en el medio hospitalario (gasa, algodón, jeringa, remedios, etc y en el medio domiciliario (bacía, balde,vasos, biberones, etc.

  1. Grupo de reflexão com profissionais de uma Unidade de Terapia Intensiva Coronariana: um relato de experiência

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Suellen Rosana Costa Amaral

    Full Text Available Resumo Objetivo: descrever uma intervenção grupal realizada com os profissionais de uma equipe de saúde de uma Unidade de Terapia Intensiva Coronariana. Métodos: trata-se de um relato de experiência, em forma de narrativa, realizado por uma psicóloga-residente de um Programa de Residência Multiprofissional em Saúde da Mulher. Foram realizados cinco encontros, que ocorreram mensalmente, com os diferentes turnos de trabalho. Resultados: foram encontradas dificuldades institucionais e resistências da própria equipe, que foram sanadas, ao longo dos encontros, por meio de vínculos com os participantes e da maior apropriação da proposta pelas coordenadoras do grupo e pelos participantes. As atividades realizadas foram intercaladas entre recursos expressivos e momentos mais reflexivos. Foi possível observar transformação na prática profissional dos participantes e na relação com a equipe; maior facilidade na comunicação entre todos e valorização do autocuidado por parte dos profissionais. Conclusão: ofertar um espaço de escuta, de troca de experiências e de reflexão propicia grande potencial gerador de mudanças positivas na rotina de trabalho e no bem-estar desses profissionais.

  2. Auditoria de prontuário: avaliação dos registros de aspiração traqueal em terapia intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Faria Campos

    2008-06-01

    Full Text Available Estudo descritivo, exploratório com abordagem quantitativa, cujo objetivo foi avaliar o registro da aspiração traqueal em Terapia Intensiva realizado pela equipe multiprofissional utilizando-se dos referenciais da auditoria. Para avaliação dos registros foi utilizada análise documental. Foram analisados 21 prontuários. Amostra composta por 37 registros da equipe intensivista. A pesquisa deu-se entre janeiro a maio de 2006, em uma instituição pública do Rio de Janeiro. Dados coletados utilizando-se instrumento do tipo check list. Os registros foram avaliados utilizando-se como parâmetro um barema. Observou-se que 89,6% da equipe de enfermagem e 100% da fisioterapia registram de modo incompleto o procedimento. Foi verificada a falta do registro em 10,4% dos prontuários analisados da equipe de enfermagem e em 100% da medicina. Conclui-se que o registro da aspiração traqueal encontra-se falho, sendo imprescindível que medidas de educação continuada e sensibilização dos profissionais sejam adotadas.

  3. Qualidade de vida e atividade física em profi ssionais de terapia intensiva do sub médio São Francisco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cícero Beto Freire

    2015-02-01

    Full Text Available Objetivo: o objetivo deste estudo foi avaliar o nível de atividade física (NAF e a qualidade de vida (QV dos profissionais que trabalham em Unidade de Terapia Intensiva (UTI. Método: tratou-se de um estudo transversal realizado em UTIs clínicas adultos, onde o NAF foi avaliado pelo questionário internacional de atividade física (IPAQ e a QV através do questionário Medical Outcomes Study 36 (SF-36. Resultados: estavam ativos 50,85% de 59 profissionais, sendo os técnicos de enfermagem considerados os mais ativos (60,6%. A QV dos profissionais ativos foi melhor quando comparados aos inativos, com diferenças estatísticas para os domínios limitação por aspectos físicos, aspecto social e saúde mental. A jornada de trabalho estava acima do recomendado, sendo a dos médicos maiores que as dos fisioterapeutas, enfermeiros e técnicos de enfermagem (p = 0,04. Conclusão: profissionais de UTI fisicamente ativos apresentaram maior qualidade de vida provavelmente por possuírem uma menor jornada de trabalho e consequentemente mais tempo livre para realizar atividades físicas.

  4. Desfecho de pacientes com câncer internados em unidades de terapia intensiva brasileiras com lesão renal aguda Outcomes of cancer patients admitted to Brazilian intensive care units with severe acute kidney injury

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcio Soares

    2010-09-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Pacientes com câncer criticamente enfermos têm maior risco de lesão renal aguda, mas estudos envolvendo estes pacientes são escassos, e todos em centros únicos e realizados em unidades de terapia intensiva especializadas. O objetivo deste estudo foi avaliar as características e desfechos em uma coorte prospectiva de pacientes de câncer internados em diversas unidades de terapia intensiva com lesão renal aguda. MÉTODOS: Estudo prospectivo multicêntrico de coorte realizado em unidades de terapia intensiva de 28 hospitais brasileiros em um período de dois meses. Foram utilizadas regressões logísticas univariada e multivariada para identificar os fatores associados a mortalidade hospitalar. RESULTADOS: Dentre todas as 717 internações a unidades de terapia intensiva, 87 (12% tiveram lesão renal aguda e 36% deles receberam terapia de substituição renal. A lesão renal se desenvolveu mais frequentemente em pacientes com neoplasias hematológicas do que em pacientes com tumores sólidos (26% x 11%; p=0,003. Isquemia/choque (76% e sepse (67% foram os principais fatores associados à lesão renal, e esta foi multifatorial em 79% dos pacientes. A letalidade hospitalar foi de 71%. Os escores de gravidade gerais e específicos para pacientes com lesão renal, foram imprecisos para predizer o prognóstico nestes pacientes. Na análise multivariada, a duração da internação hospitalar antes da unidade de terapia intensiva, disfunções orgânicas agudas, necessidade de ventilação mecânica e um performance status comprometido associaram-se à maior letalidade. Mais ainda, características relacionadas ao câncer não se associaram com os desfechos. CONCLUSÕES: O presente estudo demonstra que internação na unidade de terapia intensiva e suporte avançado à vida devem ser considerados em pacientes selecionados de câncer criticamente enfermos com lesão renal.OBJECTIVES: Critically ill cancer patients are at increased risk

  5. Aspectos atuais na terapia nutricional de pacientes na Unidade de Terapia Intensiva (UTI News aspects of nutritional support in the critically ill at intensive care unit (ICU

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Izabel Lamounier de Vasconcelos

    2002-03-01

    Full Text Available O tratamento do paciente gravemente enfermo tem despertado bastante interesse nos últimos anos. A terapia nutricional tem um papel fundamental para estes pacientes, visando: prevenir a desnutrição calórico-protéica e avaliar e determinar as necessidades nutricionais de forma mais adequada possível. Inúmeras dietas estão disponíveis, no entanto, as dietas imunoestimulantes com arginina, ácido graxo ômega-3, nucleotídeos e glutamina estão sendo muito utilizadas, com o esforço de diminuir as complicações infecciosas, mas suas vantagens terapêuticas ainda estão sendo debatidas.The treatment of critically-ill patients has aroused great interest during the last years. The nutrition support has an important role for these patients, seeking to prevent the protein-energy malnutrition and to evaluate and determine the appropriate nutrient requeriments. Some diets are available, however, immune-stimulating diets wish arginine, omega-3 fatty acids, nucleotides and glutamine have been used in an effort to decrease infectious complications, but their therapeutic advantages are still being debated.

  6. Studio preliminare sul possibile utilizzo del sistema Uro-Quick per l’esecuzione rapida di antibiogrammi su ceppi provenienti da reparti di terapia intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elisabetta Pezzati

    2005-06-01

    Full Text Available L’Uro-Quick, un sistema automatizzato ampiamente utilizzato per lo screening delle batteriurie sui campioni d’urina, è stato precedentemente impiegato per la valutazione della sensibilità agli antibiotici negli uropatogeni e per l’identificazione di resistenze ben caratterizzate veicolate da diverse specie batteriche. In questo studio sono stati esaminati utilizzando la metodica classica Kirby-Bauer per la determinazione dell’antibiotico sensibilità patogeni isolati durante il periodo settembre 2003 - marzo 2004 in reparti di terapia intensiva di un grande ospedale italiano e i risultati sono stati confrontati con quelli ottenuti con il nuovo sistema rapido Uro-Quick. L’antibiotico (in concentrazione appropriata è stato introdotto in una cuvetta Uro-Quick contenente 2 ml di Mueller-Hinton brodo, successivamente sono stati addizionati 0.5 ml di sospensione del ceppo da saggiare (5x105 CFU/ml. Una cuvetta priva di farmaco è stata utilizzata come controllo. Dopo 3 o 5 ore di incubazione (per i ceppi Gram-negativi o Gram-positivi rispettivamente i risultati sono stati interpretati nel seguente modo: l’assenza di sviluppo indicava sensibilità, mentre una curva di crescita analoga a quella del controllo rappresentava un ceppo resistente. I microrganismi Gram-negativi sono stati saggiati con ciprofloxacina (CIP, ampicillina (AM, piperacillina (PIP, aztreonam (ATM, amoxicillina-clavulanato (AMC, piperacillina/tazobactam (TZP, imipenem (IPM, ceftazidime (CAZ, cefotaxime (CTX, cefepime (CFP, cefuroxime (CXM, ceftriaxone (CRO, amikacina (AN, gentamicina (GM e trimethoprim-sulfametossazolo (SXT. I Gram-positivi, invece, sono stati saggiati con ciprofloxacina (CIP, clindamicina (CM, eritromicina (E, rifampicina (RA, ampicillina (AM, penicillina (P, oxacillina (OXA, imipenem (IPM, gentamicina (GM, streptomicina (S, tetraciclina (TE, trimethoprim – sulfametazolo (SXT, vancomicina (VA e linezolid (LZD. Sono stati esaminati 197 ceppi Gram

  7. Reabilitação pulmonar na unidade de terapia intensiva: revisão de literatura Pulmonary rehabilitation in intensive care unit: a literature review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Danielle Corrêa França

    2010-03-01

    Full Text Available O longo período de imobilidade na internação em unidade de terapia intensiva (UTI desencadeia prejuízos aos sistemas musculoesquelético, cardiovascular, respiratório e neurológico. A reabilitação pulmonar na UTI, em especial o treinamento físico, visa restaurar a funcionalidade anterior ao episódio que determinou a necessidade da ventilação mecânica, reduzindo a dependência, prevenindo novas internações e, conseqüentemente, melhorando a qualidade de vida. Entretanto, é observada resistência na aplicação dessa modalidade de tratamento, devido ao receio das equipes. O objetivo do presente estudo foi efetuar uma revisão da literatura sobre as implicações dos programas de reabilitação pulmonar nas UTI. O levantamento bibliográfico foi feito nas bases de dados PubMed, Cochrane, PEDro e SciELO por meio dos descritores"reabilitação pulmonar""no cuidado intensivo" e"na unidade de terapia intensiva", além de estudos sugeridos por especialistas. Sete artigos (ensaios clínicos randomizados, estudos de coorte e retrospectivos foram avaliados. Todos sugeriram que a reabilitação na UTI é benéfica e não causa efeitos colaterais. Os principais benefícios identificados foram a melhora da deambulação, aumento de força da musculatura respiratória e esquelética, além de melhora funcional ligada às atividades de vida diária. De acordo com os estudos analisados, a reabilitação pulmonar em UTI mostrou-se uma modalidade segura, bem tolerada e que determina efeitos positivos aos pacientes.The long period of immobility in intensive care units (ICU may be harmful to patients' musculoskeletal, cardiovascular, respiratory and neurological systems. Pulmonary rehabilitation in ICU, particularly the physical training, aims to restore previous functionality prior to the event that determined the need for mechanical ventilation, thus reducing dependence, preventing new admissions, and improving patients' quality of life. However

  8. A família do paciente internado em terapia intensiva: concepções do enfermeiro Pacient’s family in intensive therapy: nurse’s conception

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Soares

    2002-04-01

    Full Text Available Esta é uma investigação sobre as concepções do enfermeiro em relação à família do paciente internado na unidade de terapia intensiva. A estratégia metodológica que conduziu o estudo está fundamentada na abordagem fenomenológica. Da análise dos discursos observamos que, em relação à família do paciente, o pensar dos enfermeiros configura-se nas seguintes categorias: a família experiencia medo, ansiedade e insegurança e a família é preocupada com o paciente. Em relação ao lidar com a família, os sujeitos manifestaram suas percepções emergindo as seguintes categorias: o enfermeiro percebe que é difícil lidar com a família; o enfermeiro busca colocar em prática algumas ações que a seu ver ajudariam a família; o contato com a família pode mobilizar emoções agradáveis, bem como facilitar a assistência prestada ao paciente em terapia intensiva. Ao desvelarmos os significados expressados pelos sujeitos, apreendemos que os enfermeiros percebem o sofrimento da família e, ao mesmo tempo, as próprias dificuldades em lidar com ele, o que denota ser importante repensar a relação enfermeiro-família e suas implicações na assistência ao paciente graveThis is an investigation about the nurse’s conceptions of the patient’s family relationship when the patient is interned in the intensive therapy. The methodological strategy is based in the phenomenological approach. From the analysis of the speeches we observed that in the patient’s family relationship the nurse’s perception may be classified in the following categories: the family experiences fear, anxiety and insecurity; the family is worried with the patient . In relation to dealing with the family, the individuals manifested perceptions emerging the following categories: the nurse finds it difficult to deal with the family; the nurse takes some actions in order to help the family; the contact with the family can cause pleasant emotions , as well as to

  9. Eventos adversos na assistência de enfermagem em uma unidade de terapia intensiva Nursing care adverse events at an intensive care unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lucia Marinilza Beccaria

    2009-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: A compreensão dos eventos adversos facilita a investigação da qualidade da assistência e auxilia na avaliação dos serviços de saúde. O objetivo deste estudo foi identificar os eventos adversos na assistência de enfermagem em uma unidade de terapia intensiva. MÉTODOS: Os dados foram coletados em um impresso próprio, denominado ficha de ocorrências, por um período de dez meses, no qual os pacientes foram monitorados durante o período de internação na unidade. RESULTADOS: Foram registrados 550 eventos adversos sendo: 26 relacionados aos cinco certos na administração de medicamentos, 23 à medicações não administradas, 181 às anotações inadequadas da medicação, 28 à falhas na instalação de drogas em bomba de infusão, 17 à não realização da inalação, 8 ao manuseio incorreto de seringas e agulhas, 53 aos procedimentos de enfermagem não realizados, 46 ao manuseio incorreto de artefatos terapêuticos e diagnósticos, 37 aos alarmes dos equipamentos utilizados de maneira incorreta e 131 à falhas nas anotações de enfermagem. CONCLUSÃO: A existência de eventos adversos no cuidado prestado pela enfermagem são indicadores importantes que evidenciam a qualidade da assistência na unidade de terapia intensiva. Portanto, os eventos adversos devem ser utilizados para subsidiar a educação permanente da equipe de enfermagem.OBJECTIVE: The understanding of adverse events may simplify the inquiry regarding the quality of nursing care, presuming a foregrounding role in evaluating health services. The aim of the study was to identify adverse events in nursing care in an intensive care unit. METHODS: Data were collected using an appropriate form known as problem-oriented record (POR over a 10-month period; patients were monitored throughout their intensive care unit stay. RESULTS: Over the study period, 550 adverse events were recorded as follows: 26 concerned the "five rights" related to drug administration; 23 to

  10. Perfil de fisioterapeutas brasileiros que atuam em unidades de terapia intensiva A profile of Brazilian physical therapists in intensive care units

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Emilia Nozawa

    2008-01-01

    Full Text Available Este estudo visou investigar o perfil dos fisioterapeutas que atuam nas unidades de terapia intensiva (UTIs no Brasil, focalizando a direção do serviço, técnicas fisioterapêuticas empregadas e nível de autonomia em relação à ventilação mecânica invasiva e não-invasiva. Questionários foram enviados aos chefes dos serviços de fisioterapia de 1.192 hospitais registrados na Associação Médica de Terapia Intensiva, com retorno de 461 (39% UTIs. Em 88% destas, os serviços são chefiados por fisioterapeutas; em 78%, compostos por até oito fisioterapeutas; 44,4% dos fisioterapeutas trabalham em regime de 30 horas semanais e 46,1% têm contrato de trabalho. Há assistência fisioterapêutica durante 24 horas em 33,6% das UTIs; 88% delas mantêm assistência nos finais de semana. Quanto às técnicas fisioterapêuticas, todos realizam mobilização, posicionamento e aspiração; 91,5% atuam na ventilação não-invasiva, sendo que 43% trabalham com total autonomia. Em relação à ventilação mecânica invasiva, 80% realizam extubação; 79,2% realizam regulagem e desmame do ventilador; entretanto, só 22% têm total autonomia (78% necessitam de protocolo ou opinião da equipe médica. Os fisioterapeutas brasileiros atuam, em sua maioria, em instituições privadas e assistenciais, cujos serviços são chefiados por fisioterapeutas. Têm relativa autonomia quanto às técnicas fisioterapêuticas e o manuseio da ventilação mecânica não-invasiva mas, no caso da invasiva, atuam sob diretiva da equipe médica.The purpose of this study was to outline a profile of physical therapists who work in intensive care units (ICU in Brazil, focusing on service management, techniques used, and the degree of therapists' autonomy regarding invasive and non-invasive mechanical ventilation. Questionnaires were sent to the heads of physical therapy (PT services of 1,192 hospitals registered at the Brazilian Intensive Care Medicine Association and 461

  11. Alimentación enteral temprana en el paciente quirúrgico en servicios de terapia intensiva polivalente pediátrica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Enrique Guzmán Rubín

    1998-03-01

    Full Text Available Se realizó un estudio prospectivo y longitudinal de 23 pacientes quirúrgicos de Terapia Intensiva, de 3 hospitales pediátricos de Cuba, en los cuales la técnica quirúrgica incluía sutura gastrointestinal a cualquier nivel y se le iniciaba la alimentación enteral temprana, independientemente de la vía que se utilizaría, con alimentación enteral líquida, a goteo continuo, en cuanto se restableciera la dinámica intestinal, y se obtuvo disminución en la utilización de la alimentación parenteral, en la estadía, en las complicaciones de la alimentación parenteral, así como de las complicaciones infecciosas nosocomiales a punto de partida de la translocación bacteriana y de la inmunomodulación enteral. De esta manera se lograba acelerar la recuperación, mejorar la evolución del peso, la calidad de vida, disminuir las secuelas y la mortalidad, todo lo cual implicaba disminución de los costos.A prospective longitudinal study of 23 surgical patients from three Cuban Pediatric Hospitals’ Intensive Care Units was carried out. The operative surgery used in these patients was gastrointestinal suture at any level and they were enterally fed. As soon as the intestinal dynamics was re-established, they were given enteral liquid feeding by continuos drip. This led to a reduction in parenteral nutrition, stay at hospital, parenteral nutrition complications, nosocomial infection complications from bacterial translocation, and in enteral inmunomodulation. In this way, quick recovery, improved weight gain, better quality of life, lower sequelae and mortality were reached, all of which resulted in lower costs.

  12. Reflexões conceituais sobre humanização da saúde: concepção de enfermeiros de Unidades de Terapia Intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vita Guimarães Mongiovi

    2014-04-01

    Full Text Available A Política Nacional de Humanização da Atenção e Gestão do Sistema Único de Saúde se configura como uma política pública complexa que abarca os aspectos estruturais, técnicos e relacionais do serviço de saúde, não estabelecendo as demarcações de suas atividades e com isso também uma deficiência em termos conceituais da humanização. Este estudo teve por objetivo realizar uma reflexão acerca da humanização da saúde, através de uma análise conceitual do próprio termo na interpretação das falas de enfermeiros assistencialistas atuantes em Unidades de Terapia Intensiva, coletadas numa pesquisa qualitativa. Concluiu-se que os enfermeiros possuem uma compreensão intuitiva sobre a definição de humanização, entendendo a necessidade da realização de uma assistência holística para além da mera técnica e abarcando igualmente desde aspectos fisiológicos, psicológicos, sociais e espirituais do cuidado. Ao mesmo tempo demonstram o despreparo na formação profissional para a execução dessa assistência dita humanizada.

  13. Transtorno de estresse pós-traumático e a presença de recordações referentes à unidade de terapia intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jaquilene Barreto da Costa

    2012-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar a incidência de transtorno de estresse pós-traumático (TEPT em pacientes submetidos à ventilação mecânica (VM e analisar a sua relação com variáveis clínicas, demográficas e presença de recordações referentes à unidade de terapia intensiva (UTI. MÉTODO: Estudo prospectivo longitudinal realizado durante o período de um ano na UTI de um hospital-escola. A avaliação ocorreu três meses após a alta da UTI durante consulta ambulatorial. Os sujeitos foram avaliados utilizando-se um instrumento para avaliar memórias de UTI (IAM-TI e o Impact of Event Scale-Revised (IES-R, para avaliar o TEPT. RESULTADOS: Do total de respondentes, 68,8% eram do sexo masculino, a idade variou entre 18 e 79 anos, com média de 43,5 anos ± 17,1. Quanto à avaliação dos pacientes, 14,5% apresentaram sintomas de TEPT, quando utilizado um ponto de corte > 20 pontos. Para uma melhor precisão diagnóstica, foi utilizado também o ponto de corte ≥ 33 pontos e, nesse caso, sete pacientes (5,1% apresentaram o transtorno. CONCLUSÃO: Poucos pacientes preencheram todos os critérios para o diagnóstico de TEPT, indicando que a grande maioria deles apresentou apenas sintomatologia relacionada ao TEPT.

  14. Impacto de la unidad de terapia intensiva municipal de Nueva Paz Impact of the municipal intensive care unit of Nueva Paz

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Idalberto Aguilar Hernández

    2006-12-01

    Full Text Available Se realizó un estudio descriptivo y retrospectivo de forma censal en los 130 pacientes que estuvieron ingresados en la Unidad de Terapia Intensiva Municipal en Nueva Paz, desde el 26 de febrero hasta el 30 de Junio del presente año, con el objetivo de evaluar su impacto desde su inauguración. Al distribuir la población motivo de estudio se concluyó que prevaleció el sexo femenino, y la comprendida en las edades de 15 a 59 años. Las arritmias cardiacas fueron las causas de mayor ingreso, seguidas de la hipertensión arterial descompensada. Más de la mitad de los que ingresaron mejoraron, y las causas de remisiones estuvieron relacionadas con el empeoramiento del cuadro clínico. El infarto del miocardio fue la causa de mayor mortalidad hospitalaria, y el grado de satisfacción de los usuarios y prestadores fue adecuado, lo que demostró la calidad en los servicios de salud de dicha unidad, a la altura de la excelencia que merece nuestro pueblo.A descriptive and retrospective census type study was conducted among the 130 patients that were admitted at the Municipal Intensive Care Unit in Nueva Paz from February 26 to June 30, 2006, aimed at evaluating its impact since it was opened. On distributing the population under study, it was observed a predominance of females aged 15-59. The cardiac arrhytmias were the leading causes of admission, followed by decompensated arterial hypertension. More than half of those that were hospitalized improved, and the referal causes were related to the aggraviation of the clinical picture. The myocardial infarction was the highest cause of hospital mortality, and the degree of satisfaction of patients and health care providers was adequate, which showed the quality of the health services in this unit level with the excellence our people deserve.

  15. Interação fármaco-nutriente em unidade de terapia intensiva: revisão da literatura e recomendações atuais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tatiane Heldt

    2013-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever as interações entre fármacos e nutriente e sua frequência nas unidades de terapia intensiva bem como avaliar o grau de consciência a esse respeito por parte da equipe de profissionais. MÉTODOS: Foram revisados, na base de dados eletrônica PubMed, especificamente no MeSH, os unitermos: "drug interactions" e "nutrition therapy". Os estudos foram sistematicamente revisados para a descrição de tipos de interações entre fármacos e nutrientes, suas frequências e consequências. RESULTADOS: Foram encontrados 67 artigos. Dentre estes, 20 artigos estavam adequados à metodologia adotada e atingiram os objetivos do estudo. Destes, 14 artigos descreviam interações entre fármacos e nutrição enteral, 3 descreviam interações entre fármacos e nutrição parenteral, e 3 descreviam a importância e os cuidados para evitar tais interações. CONCLUSÃO: A literatura referente a interações entre fármacos e nutrientes é escassa e sugere a fragilidade das equipes assistenciais em reconhecer o potencial para interações. Possivelmente a construção de um protocolo para avaliação de interação fármaco-nutriente aumente a segurança e eficácia dos processos terapêuticos.

  16. Aplicação do índice de intervenção terapêutica em unidade de terapia intensiva pediátrica = Therapeutic intervention scoring system application in a pediatric intensive care unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Canabarro, Simone Travi

    2009-01-01

    Full Text Available Introdução: Índices de gravidade buscam estimar a severidade da doença, sendo o Therapeutic Intenvention Scoring System-28 (Sistema de Escore de Intervenção Terapêutica - TISS-28, usado em Unidades de Terapia Intensiva, um índice indireto para estimar intervalos de gravidade da doença que mais recentemente tem sido usado para relacionar a carga de trabalho de enfermagem. Objetivo: Revisar cada item/definição operacional do índice de intervenção terapêutica (TISS- 28 procedendo-se uma releitura com o objetivo de sistematizar a prática da coleta de dados em Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica (UTIP. Materiais e Métodos: Pesquisa de revisão integrativa de literatura médica e de enfermagem por meio da base de dados Medical Literature Analysis and Retrieval System Online (MEDLINE e Scientific Electronic Library Online (SciELO usando os termos Unidades de terapia intensiva (Intensive care units, Escalas (scales e Therapeutic Intervention Scoring System-28 ou TISS-28. Os artigos foram selecionados de acordo com sua relevância, segundo a opinião dos autores. Resultados: Estudos prévios demonstram que o uso do TISS-28 em UTI de pacientes adultos têm contribuído na avaliação evolutiva clínica da piora do paciente, além de associações entre óbito e pontuações elevadas. Os itens/definições operacionais avaliados neste escore são revisados visando facilitar a interpretação de cada item na aplicação diária do TISS-28, em Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica. Conclusão: A avaliação diária das 28 variáveis do TISS permite a obtenção de um perfil evolutivo das crianças internadas, podendo auxiliar no conhecimento do agravamento clínico do quadro da criança internada e de seu prognóstico

  17. "Análise dos instrumentos de avaliação de qualidade de vida WHOQOL-bref e SF-36: confiabilidade, validade e concordância entre pacientes de Unidades de Terapia Intensiva e seus familiares"

    OpenAIRE

    Suely Sueko Viski Zanei

    2006-01-01

    Este estudo teve como objetivos: analisar as propriedades psicométricas dos instrumentos de avaliação de qualidade de vida WHOQOL-bref e SF-36 aplicados a pacientes adultos após a internação em Unidades de Terapia Intensiva e a seus familiares e, avaliar a concordância entre pacientes e familiares como seus substitutos. A amostra foi composta por 71 pares paciente-famíliar. A confiabilidade foi avaliada pela consistência interna através do Coeficiente Alfa de Cronbach. A validade convergente ...

  18. Avaliação de dispositivos médicos nas radiografias de tórax em unidades de terapia intensiva - tempo de prestar atenção!

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Sofia Linhares Moreira

    Full Text Available RESUMO Objetivo: Identificar e avaliar o posicionamento correto dos dispositivos médicos mais comumente utilizados, observados nas radiografias de tórax de pacientes durante a permanência em unidade de terapia intensiva de nosso centro. Métodos: Foi realizada uma pesquisa bibliográfica quanto aos critérios utilizados para avaliar o posicionamento correto dos dispositivos médicos nas radiografias de tórax. Avaliamos todas as radiografias de tórax realizadas na unidade de terapia intensiva de nosso centro durante um período de 18 meses. Incluíram-se todas as admissões nas quais foi realizada uma radiografia do tórax na unidade de terapia intensiva, nas quais fosse identificável a presença de pelo menos um dispositivo médico. Para análise, selecionou-se uma radiografia por admissão. As radiografias foram avaliadas por um observador independente. Resultados: De um total de 2.312 radiografias analisadas, 568 foram incluídas neste estudo. Identificaram-se diversos dispositivos médicos, incluindo eletrodos de monitoramento, tubos endotraqueais, cânulas de traqueostomia, cateteres venosos centrais, marca-passos e próteses valvares cardíacas. Dentre os cateteres venosos centrais identificados, 33,6% dos subclávios e 23,8% dos jugulares estavam mal posicionados. Dentre os tubos endotraqueais, 19,9% estavam mal posicionados, enquanto todas as cânulas de traqueostomia tinham posicionamento correto. Conclusão: Frequentemente se identificam, na radiografia de tórax realizada em pacientes na unidade de terapia intensiva, cateteres venosos e tubos endotraqueais mal posicionados. Isso é importante, pois dispositivos mal posicionados podem se relacionar a eventos adversos. Estudos futuros devem investigar possíveis associações entre o mau posicionamento dos dispositivos e eventos adversos.

  19. Estudio sobre los factores del clima organizacional que inciden en la satisfacción de la enfermeras y enfermeros, categoría 1, del servicio de terapia intensiva del hospital México, abril 2002

    OpenAIRE

    Morales Meza, Sonia; Rosales Barrantes, Roxana

    2013-01-01

    El presente trabajo de investigación tiene como objetivo cumplir con el requisito final que exige la Universidad Estatal a Distancia para optar por el grado de Maestría en Administración de Servicios de Salud Sostenible. Este comprende un estudio del clima organizacional, que incide en la satisfacción laboral de las enfermeras y enfermeros, categoría uno, del Servicio de Terapia Intensiva del Hospital México. Liderazgo, motivación, reciprocidad y...

  20. Avaliação de profissionais e promoção de saúde bucal de pacientes internados em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em Brasília-DF

    OpenAIRE

    Miranda, Alexandre Franco

    2016-01-01

    Objetivos: Avaliar o conhecimento profissional e protocolo utilizado na realização de medidas de promoção de saúde bucal em unidades de terapia intensivas (UTIs) em Brasília-DF; avaliar a condição de saúde bucal de pacientes internados, associando a frequência de higienização bucal realizadas. Métodos: Amostra de conveniência composta por 71 profissionais da saúde que trabalham nas UTIs de 02 Hospitais Particulares responderam um questionário validado sobre as medidas de promoção de saúde buc...

  1. Diarréia nosocomial em unidade de terapia intensiva: incidência e fatores de risco Nosocomial diarrhea in the intensive care unit: incidence and risk factors

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sérvulo Luiz Borges

    2008-06-01

    Full Text Available RACIONAL: Diarréia nosocomial parece ser comum em unidades de terapia intensiva, embora sua epidemiologia seja pouco documentada em nosso meio. OBJETIVO: Determinar a incidência e fatores de risco de diarréia entre pacientes adultos internados em unidade de terapia intensiva. MÉTODOS: Foram incluídos prospectivamente 457 pacientes no período entre outubro de 2005 e outubro de 2006. Dados demográficos, clínicos e bioquímicos, bem como aspecto e número de evacuações eram registrados diariamente até a saída do paciente do setor. RESULTADOS: Diarréia ocorreu em 135 (29,5% pacientes, durando em média 5,4 dias. O tempo do seu início em relação à internação foi de 17,8 dias e casos similares de diarréia no mesmo período foram registrados em 113 (83,7% pacientes. A mortalidade hospitalar foi maior nos pacientes com diarréia do que naqueles sem esta intercorrência. Na análise multivariada através de modelo de regressão logística, apenas o número de antibióticos (OR 1,65; IC 95% = 1,39-1,95 e o número de dias de antibioticoterapia (OR 1,16; IC 95% = 1,12-1,20 associaram-se estatisticamente com a ocorrência de diarréia. Cada dia de acréscimo a mais da antibioticoterapia aumentou em 16% o risco de diarréia (IC 12% a 20%, enquanto a adição de um antibiótico a mais ao esquema antimicrobiano aumentou as chances de ocorrência de diarréia em 65% (IC 39% a 95%. CONCLUSÃO: A incidência de diarréia nosocomial na unidade de terapia intensiva é elevada (29,5%. Os principais fatores de risco para sua ocorrência foram número de antibióticos prescritos e duração da antibioticoterapia. Além das precauções entéricas, a prescrição judiciosa e limitada de antimicrobianos, provavelmente reduzirá a ocorrência de diarréia neste setor.BACKGROUND: Nosocomial diarrhea seems to be common at intensive care units, although its epidemiology be poorly documented in Brazil. AIM: To determine the incidence and risk factors of

  2. Experiência clínica com o uso de sedativos em terapia intensiva: estudo retrospectivo Experiencia clínica con el uso de sedativos en la terapia intensiva: estudio retrospectivo Clinical experience with sedatives in the intensive care unit: a retrospective study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Geraldo Rolim Rodrigues Júnior

    2002-11-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Dentre as indicações mais freqüentes de sedação em pacientes internados em Unidades de Terapia Intensiva (UTI estão a instituição e a manutenção de ventilação artificial, a ansiedade e procedimentos desconfortáveis ou dolorosos. O objetivo deste estudo retrospectivo foi verificar as indicações e as técnicas mais comuns de sedação em pacientes graves internados na Unidade de Terapia Intensiva Cirúrgica da Escola Paulista de Medicina (EPM/UNIFESP durante um período de 11 meses. MÉTODO: Após terem sido excluídos os pacientes que permaneceram na UTI menos de 24 horas ou estavam sem exames indispensáveis para o cálculo do índice de gravidade (APACHE II, a amostra ficou reduzida a 307 pacientes. Foram analisadas as técnicas mais utilizadas, as indicações de sedação e a associação de bloqueadores neuromusculares. RESULTADOS: A sedação foi administrada em 37,4% dos pacientes. Entre as indicações de sedação estão os distúrbios de natureza psiquiátrica, como delírio, agitação, medo e ansiedade. Estas corresponderam a 25,77% de todas as indicações. A maioria dos pacientes ventilados artificialmente também necessita de sedativos. Instalação e manutenção de ventilação mecânica corresponderam à maioria das indicações, em torno de 57,73% dentre os pacientes sedados. Procedimentos como intubação traqueal e broncoscopia tiveram 11,34% das indicações e controle do metabolismo (coma barbitúrico e tétano, 5,15%. As técnicas mais comumente utilizadas incluíram opióides isolados ou associados a benzodiazepínicos. Neste estudo, o fentanil foi utilizado em 58% das técnicas, isoladamente, e em 21,64% associado ao midazolam. Haloperidol, diazepam, propofol e tiopental somaram 19,5%. Bloqueadores neuromusculares foram utilizados em 22,7% dos casos em pacientes ventilados artificialmente. CONCLUSÕES: A sedação é recurso terapêutico freqüente em Terapia Intensiva, comumente

  3. Presença do sagrado em um momento crítico: internação em uma Unidade de Terapia Intensiva La presencia del sagrado en un momento yo critico: La internación en una Unidad de Terapia Intensiva Presence of the sacred in a critical moment: internment in an Unit of Intensive Therapy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Miranildes de Abreu Batista

    2004-10-01

    Full Text Available Tem-se como propósito compreender o significado dado, pelo paciente, ao objeto sagrado em um momento de internação em Unidade de Terapia Intensiva. Destaca-se formas de expressão do sagrado em um instante crítico no qual o homem em estado de fragilidade físico-emocional, busca respostas transcendentais frente a angústia da doença e do morrer. O sagrado é uma artimanha da religião por meio da qual o homem tende a se refugiar do caos instalado. A presença do objeto sagrado, junto ao paciente, representa um acontecimento de imensurável significado cultural, revelando-se em um vínculo supra-natural do qual exala esperança, segurança, amparo, conforto e, até mesmo, companhia.Se tiene como el propósito entiende el significado dado, para el paciente, al sagrado objeto en un momento de internación en la Unidad de Terapia Intensiva. Las posiciones fuera las formas de expresión del sagrado en un momento crítico en que el hombre en el estado de fragilidad físico-emocional, miradas para las respuestas el frente transcendental la angustia de la enfermedad y de teñir. El sagrado es un truco de la religión a través de que el hombre cuida refugio de la toma de los caoses instalados. La presencia del sagrado objeto, cerca del paciente, representa un evento de significado cultural inmensurable, revelándose en un entai supra-natural de que exhala la esperanza, seguridad, la ayuda, el consuelo y, incluso, compañía.It is had as purpose understands the given meaning, for the patient, to the sacred object in a moment of internment in Unit of Intensive Therapy. Stands out forms of expression of the sacred in a critical instant in which the man in state of physical-emotional fragility, looks for answers transcendental front the anguish of the disease and of dying. The sacred is a trick of the religion through which the man tends taking refuge of the installed chaos. The presence of the sacred object, close to the patient, represents an event

  4. Sentimentos dos familiares em relação ao paciente internado na unidade de terapia intensiva Sentimientos de familiares en relación al paciente ingresado en la unidad de terapia intensiva Feelings of relatives regarding the patient who is admitted in intensive care unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andreza Santos Almeida

    2009-12-01

    Full Text Available Trata-se de um estudo de abordagem qualitativa sobre os sentimentos dos familiares em relação ao paciente internado na unidade de terapia intensiva. Foram entrevistados 24 familiares de um hospital público da cidade de Aracaju nos meses de julho e agosto de 2007. Os dados foram coletados por meio de uma entrevista, sendo analisados por meio da análise de conteúdo. Os resultados evidenciaram os seguintes sentimentos: ansiedade; preocupação; angústia e tristeza; impotência; dor e mágoa; perda; medo e pânico; confiança e segurança; insegurança; fé e esperança; e inexplicável. A ansiedade foi o mais freqüente que decorreu entre outros fatores, do ambiente estranho, procedimentos diversificados, incerteza do amanhã ou expectativa da melhora do familiar.Se trata de un estudio con abordaje cualitativo sobre los sentimientos de familiares en relación al paciente ingresados en unidad de terapia intensiva. Fueron ntrevistados 24 familiares de un hospital público en la ciudad de Aracaju en los meses de julio y agosto, 2007. Los datos fueron recogidos a través de una entrevista, evaluados por el análisis de contenido. Los resultados destacaron los siguientes sentimientos: ansiedad; preocupación; ansiedad y tristeza; desamparo; dolor y tristeza; pérdida; miedo y pánico; estrés; confianza y seguridad; inseguridad; fe y esperanza; y inexplicable. La ansiedad es el más frecuentemente entre otros factores, el ambiente extraño, diversos procedimientos, la incertidumbre del futuro o expectativas de mejora de la familiar.This is a study with qualitative approach focusing on the relatives' feelings related to the patient who is admitted in intensive care unity. Twenty-four relatives were interviewed in a public hospital in Aracaju, SE, Brazil between July and August, 2007. The information was collected through an interview and evaluated according to content analysis. The results showed the following feelings: anxiety; worry; anguish and

  5. "Perdeu a veia": significados da prática da terapia intravenosa na unidade de terapia intensiva neonatal "The vein is missed": meanings of intravenous therapy practice in Neonatal Intensive Care Unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elisa da Conceição Rodrigues

    2012-04-01

    Full Text Available A terapia intravenosa (TIV destaca-se entre as tecnologias imprescindíveis para garantir a sobrevivência dos recém-nascidos de risco. Contudo, é fonte de dor, estresse e complicações graves. O objeto de estudo foram os significados da prática da terapia intravenosa na unidade de terapia intensiva neonatal (UTIN, mais especificamente: analisar os significados atribuídos à prática da TIV pela equipe e discutir como esses significados refletem no cuidado do recém-nascido. Trata-se de um estudo de caso etnográfico com referencial teórico da antropologia cultural, realizado em uma UTIN pública do município do Rio de Janeiro. Os sujeitos foram nove enfermeiros, quatro médicos, três técnicos e quatro auxiliares de enfermagem. Os dados foram coletados através de entrevista semiestruturada e observação participante. A análise qualitativa das entrevistas foi realizada utilizando-se o método da interpretação dos sentidos. Os significados, quando entrelaçados na "teia cultural", revelaram que a prática da TIV é reduzida a técnicas de punção venosa periférica, acarretando sérios agravos para os recém-nascidos e desgaste emocional para a equipe e a família. A ressignificação da prática da terapia intravenosa será possível a partir da reflexão crítica dos padrões culturais nos quais ela se estrutura.Intravenous Therapy (IVT is an important item among the necessary technologies for the survival of high-risk new-born babies. However, it is also a source of pain, stress and risk of serious complications. This article aims to assess the meanings of IVT as ascribed by care teams and to discuss the reflection of such meanings on the attention to new-born babies. The article, with a theoretical referential in Cultural Anthropology, presents an ethnographic case study carried out in a Neonatal Intensive Care Unit of municipal administration in Rio de Janeiro. Subjects were nine nurses, four doctors, and three nurse assistants

  6. Perfil epidemiológico de dezesseis anos de uma unidade de terapia intensiva pediátrica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Roberto Einloft

    2002-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Revisar e descrever os dados epidemiológicos dos pacientes admitidos em uma unidade de terapia pediátrica brasileira (UTIP e compará-los aos aspectos clínicos associados aos índices de gravidade e mortalidade. Descrever as características desses pacientes, incluindo os dados demográficos, prevalência de doenças, índices de mortalidade e fatores associados. MÉTODOS: Os dados foram coletados retrospectivamente de todos os pacientes admitidos na UTIP de um hospital universitário entre 1978 e 1994. Os dados foram expressos em percentagens e comparados pelo teste qui-quadrado, calculando-se o risco relativo (RR com um intervalo de confiança de 95%, considerando-se um p<0,05. RESULTADOS: Foram selecionados 13.101 pacientes - em sua maioria meninos (58,4% - com doença clínica (73,1%, menores de 12 meses de idade (40,4% e eutróficos (69,5%. O índice geral de mortalidade foi de 7,4%. Os pacientes menores de 12 meses de idade mostraram um RR de 1,86 (CI 1,65-2,10; p<0,0001, enquanto que a desnutrição mostrou um RR de 2,98 (IC 2,64-3,36; p<0,0001. CONCLUSÕES: O levantamento epidemiológico mostrou que a mortalidade é maior entre desnutridos e menores de 12 meses de idade. A sepse foi a principal causa de morte.

  7. Perfil epidemiológico de dezesseis anos de uma unidade de terapia intensiva pediátrica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Einloft Paulo Roberto

    2002-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Revisar e descrever os dados epidemiológicos dos pacientes admitidos em uma unidade de terapia pediátrica brasileira (UTIP e compará-los aos aspectos clínicos associados aos índices de gravidade e mortalidade. Descrever as características desses pacientes, incluindo os dados demográficos, prevalência de doenças, índices de mortalidade e fatores associados. MÉTODOS: Os dados foram coletados retrospectivamente de todos os pacientes admitidos na UTIP de um hospital universitário entre 1978 e 1994. Os dados foram expressos em percentagens e comparados pelo teste qui-quadrado, calculando-se o risco relativo (RR com um intervalo de confiança de 95%, considerando-se um p<0,05. RESULTADOS: Foram selecionados 13.101 pacientes - em sua maioria meninos (58,4% - com doença clínica (73,1%, menores de 12 meses de idade (40,4% e eutróficos (69,5%. O índice geral de mortalidade foi de 7,4%. Os pacientes menores de 12 meses de idade mostraram um RR de 1,86 (CI 1,65-2,10; p<0,0001, enquanto que a desnutrição mostrou um RR de 2,98 (IC 2,64-3,36; p<0,0001. CONCLUSÕES: O levantamento epidemiológico mostrou que a mortalidade é maior entre desnutridos e menores de 12 meses de idade. A sepse foi a principal causa de morte.

  8. Perfil e prognóstico a longo prazo dos pacientes que recebem terapia insulínica em unidades de terapia intensiva clínico-cirúrgica: estudo de coorte Profile and long-term prognosis of glucose tight control in intensive care unit - patients: a cohort study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia Inês Boff

    2009-12-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Hiperglicemia induzida por estresse ocorre com freqüência em pacientes criticamente doentes e tem sido associada a aumento de mortalidade e morbidade tanto em pacientes diabéticos, quanto em não diabéticos. O objetivo deste estudo foi avaliar o perfil e prognóstico a longo prazo dos pacientes críticos que recebem terapia insulínica contínua na unidade de terapia intensiva. MÉTODOS: Coorte prospectiva, em que foram estudados os pacientes internados na unidade de terapia intensiva no período de 1 ano. Foram analisadas variáveis demográficas, escores de gravidade e o prognóstico a curto na unidade de terapia intensiva, e a longo prazo (2 anos da alta da unidade de terapia intensiva. Os pacientes foram classificados em 2 grupos: pacientes que receberam terapia insulínica contínua para controle glicêmico indicada pela equipe da unidade de terapia intensiva e pacientes que não receberam terapia insulínica. RESULTADOS: Dos 603 pacientes incluídos no estudo, 102 (16,9% receberam terapia insulínica contínua, objetivando níveis glicêmicos OBJECTIVES: Stress-induced hyperglycemia is frequent in critically ill patients and has been associated with increased mortality and morbidity (both in diabetic and non-diabetic patients. This study objective was to evaluate the profile and long-term prognosis of critically ill patients undergoing tight glucose-control. METHODS: Prospective cohort. All patients admitted to the intensive care unit over 1-year were enrolled. We analyzed demographic data, therapeutic intervention, and short- (during the stay and long-term (2 years after discharge mortality. The patients were categorized in 2 groups: tight glucose control and non-tight glucose-control, based on the unit staff decision. RESULTS: From the 603 enrolled patients, 102 (16.9% underwent tight control (glucose <150 mg/dL while 501 patients (83.1% non-tight control. Patients in the TGC-group were more severely ill than those in the

  9. Corneal injuries: incidence and risk factors in the Intensive Care Unit Lesiones en la córnea: incidencia y factores de riesgo en Unidad de Terapia Intensiva Lesões na córnea: incidência e fatores de risco em Unidade de Terapia Intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andreza Werli-Alvarenga

    2011-10-01

    Full Text Available Patients hospitalized in the Intensive Care Unit (ICU may present risk for corneal injury due to sedation or coma. This study aimed to estimate the incidence of corneal injuries; to identify the risk factors and to propose a risk prediction model for the development of corneal injury, in adult patients, in an intensive care unit of a public hospital. This is a one year, prospective cohort study with 254 patients. The data were analyzed using descriptive statistics, univariate and logistic regression. Of the 254 patients, 59.4% had corneal injuries and the mean time to onset was 8.9 days. The independent variables that predispose to risk for punctate type corneal injury were: duration of hospitalization, other ventilatory support device, presence of edema and blinking less than five times a minute. The Glasgow Coma Scale and exposure of the ocular globe were the variables related to corneal ulcer type corneal injury. The injury frequencies were punctate type (55.1% and corneal ulcers (11.8%. Risk prediction models for the development of punctate and corneal ulcer type corneal injury were established.Pacientes internados en Unidad de Terapia Intensiva (UTI pueden presentar riesgo de lesión en la córnea debido a la sedación o al coma. Este estudio tuvo por objetivo estimar la incidencia de las lesiones en la córnea; identificar los factores de riesgo y proponer un modelo de predicción de riesgo para el desarrollo de lesión en la córnea, en pacientes adultos, en Unidad de Terapia Intensiva, de un hospital público. Estudio de cohorte prospectivo de un año con 254 pacientes. Los datos fueron analizados por estadística descriptiva, univariada y de regresión logística. De los 254 pacientes, 59,4% tuvieron lesión en la córnea y el tiempo promedio para su aparición fue de 8,9 días. Las variables independientes que predisponen al riesgo de lesión en la córnea tipo punteada fueron: tiempo de internación, otro dispositivo de asistencia

  10. Traqueostomia percutânea no doente crítico: a experiência de uma unidade de terapia intensiva clínica Percutaneous Tracheostomy in Critically-ill Patients: the Experience of a Medical Intensive Care Unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Park

    2004-06-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A traqueostomia é um procedimento realizado freqüentemente na terapia intensiva. Nas duas últimas décadas o procedimento percutâneo vem sendo cada vez mais utilizado. OBJETIVO: Descrever nossa experiência, em uma unidade de terapia intensiva clínica. MÉTODO: Levantamento retrospectivo de nosso banco de dados prospectivo de 78 traqueostomias percutâneas realizadas desde janeiro de 2000 até julho de 2003. Foram utilizadas as técnicas de dilatação progressiva com velas múltiplas (36 pacientes e com pinça fórceps (42 pacientes. Os dados são mostrados como número de ocorrência ou mediana com intervalos interquartis. RESULTADOS: Nossospacientes tinham em média idade de 66 (43 a 75 anos e APACHE II com mediana de 16 (12 a 21, tiveram um período de ventilação mecânica com mediana de 14 (10 a 17 dias antes da traqueostomia, e 23% faleceram na unidade de terapia intensiva. As causas mais freqüentes de internação na unidade de terapia intensiva foram as encefalopatias agudas (45%, e o motivo que mais freqüentemente levou à indicação do procedimento foi o desmame difícil (50%, seguido do Glasgow Coma Score persistentemente abaixo de 8 (49%. Em 6 pacientes a broncoscopia não foi utilizada como guia. Ocorreram complicações em 33% dos procedimentos. As complicações mais comuns foram pequenas hemorragias, sem necessidade de transfusão de sangue. Nenhum paciente morreu devido à complicação do procedimento. CONCLUSÃO: Em uma unidade de terapia intensiva clínica, o procedimento da traqueostomia percutânea a beira leito é factível e seguro.BACKGROUND: Tracheostomy is a procedure commonly requiredin the intensive care unit. In the last two decades, the use of the percutaneous method has increased in parallel with improvements in the technique. OBJECTIVE: To describe our experience in employing the percutaneous method over the last 3.5 years. METHODS: We created, retrospectively, a database of prospective

  11. Espiritualidade dos familiares de pacientes internados em unidade de terapia intensiva Spirituality of relatives of patients hospitalized in intensive care unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Letícia Preti Schleder

    2013-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o coping religioso/espiritual (CRE dos familiares de pacientes internados em Unidade de Terapia Intensiva de duas instituições hospitalares. MÉTODOS: Estudo descritivo quantitativo. Os dados foram coletados de 45 familiares (80% do sexo feminino e 20% do sexo masculino com idade média de 37,5 anos por meio de um questionário de caracterização da amostra e da Escala CRE. RESULTADOS: O valor do CRE total obtido foi de 3,4 mostrando que os familiares participantes fizeram uso médio de estratégias de CRE. Em relação ao valor da razão CRE negativo/CRE positivo, o valor médio encontrado foi 0,7, demonstrando que as estratégias de CRE positivas foram mais utilizadas. CONCLUSÃO: Os familiares utilizam estratégias de CRE positivas mais do que negativas durante o processo de hospitalização de um familiar em UTI, todos eles acreditam em Deus e a maioria crê que a espiritualidade tem ajudado a enfrentar o estresse da hospitalização.OBJECTIVE: To assess spiritual/religious coping of relatives of patients hospitalized in the Intensive Care Unit of two hospitals. METHODS: Quantitative descriptive study. Data were collected from 45 family members (80% female and 20% male, mean age 37.5 years using a questionnaire for sample characterization and SRCOPE scale. RESULTS: The value of total SRCOPE scale obtained was 3.4 showing that the family participants mean made use of SRC strategies. Regarding the value of the ratio negative SRC/positive SRC, the mean value was 0.7, demonstrating that the positive SRC strategies were used more often. CONCLUSION: Family members use positive SRC strategies more than negative during the hospitalization of a family member in the ICU, they all believe in God and most believe that spirituality has helped them to cope with the stress of hospitalization.

  12. Carga de trabalho de profissionais da saúde e eventos adversos durante ventilação mecânica em unidades de terapia intensiva neonatal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Lamy Filho

    2011-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Investigar uma possível associação entre a carga de trabalho de profissionais da saúde e eventos adversos intermediários, tais como extubação acidental, obstrução do tubo endotraqueal e desconexão acidental do circuito do ventilador, durante ventilação mecânica neonatal em unidades neonatais de alto risco. MÉTODO: Este estudo de coorte prospectiva analisou os dados referentes a 543 recém-nascidos de unidades de terapia intensiva neonatal (UTINs de São Luís (MA por 6 meses, durante os quais 136 recém-nascidos foram submetidos a ventilação mecânica em 1.108 turnos e foram observados 4.554 vezes. RESULTADOS: Ocorreram eventos adversos 117 vezes durante esse período. As associações entre carga de trabalho e eventos adversos foram analisadas por meio de equações de estimação generalizada. As variáveis de ajuste foram: peso de nascimento, gênero, maternidade estudada, pontuação no índice de risco clínico para bebês (clinical risk index for babies e demanda de cuidados, determinada pela escala desenvolvida pela Northern Neonatal Network. Quanto maior o número de recém-nascidos classificados de acordo com a demanda de cuidados (RCDCs por enfermeiro e técnico em enfermagem, maior a probabilidade da ocorrência de eventos adversos intermediários relacionados à ventilação mecânica. Um número de RCDCs > 22 por enfermeiro [risco relativo (RR = 2,86] e > 4,8 por enfermeiro auxiliar (RR = 3,41 esteve associado a uma maior prevalência de eventos adversos intermediários. CONCLUSÕES: A carga de trabalho dos profissionais de UTINs parece interferir nos resultados intermediários do cuidado neonatal e, portanto, deve ser levada em conta na avaliação dos desfechos na UTIN.

  13. Proteção pulmonar: intervenção para reduzir o volume corrente em uma unidade de terapia intensiva de ensino

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Arturo Briva

    Full Text Available RESUMO Objetivo: Determinar o efeito do fornecimento de comentários e educação, com relação ao uso do peso corpóreo previsto para ajuste do volume corrente em uma estratégia de ventilação de proteção pulmonar. Métodos: O estudo foi realizado entre outubro de 2014 e novembro de 2015 (12 meses em uma única unidade de terapia intensiva polivalente universitária. Desenvolvemos uma intervenção combinada (educação e comentários, dando particular atenção à importância do ajuste dos volumes correntes para o peso corpóreo previsto ao pé do leito. Paralelamente, o peso corpóreo previsto foi estimado com base na estatura calculada a partir da altura dos joelhos e incluído nas fichas clínicas. Resultados: Foram incluídos 151 pacientes. O peso corpóreo previsto avaliado pela altura dos joelhos, em vez de avaliação visual, revelou que o volume corrente fornecido era significantemente mais elevado do que o previsto. Após a inclusão do peso corpóreo previsto, observamos redução sustentada do volume corrente fornecido, de uma média (erro padrão de 8,97 ± 0,32 para 7,49 ± 0,19mL/kg (p < 0,002. Mais ainda, a adesão ao protocolo foi subsequentemente mantida durante os 12 meses seguintes (volume corrente fornecido de 7,49 ± 0,54 em comparação a 7,62 ± 0,20mL/kg; p = 0,103. Conclusão: A falta de um método confiável para estimar o peso corpóreo previsto é um problema importante para a aplicação de um padrão mundial de cuidados durante a ventilação mecânica. Uma intervenção combinada, que se baseou em educação e fornecimento continuado de comentários, promoveu uma redução sustentada do volume corrente durante o período do estudo (12 meses.

  14. Fatores de risco para óbito em Unidade de Terapia Intensiva Neonatal Risk factors for death in the Neonatal Intensive Care Unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Fernando C. Nascimento

    2009-06-01

    Full Text Available OBJETIVO:Estimar fatores de risco para óbito durante internação em uma Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN por modelo logístico hierarquizado. MÉTODOS: Trata-se de estudo observacional, analítico e longitudinal com recém-nascidos internados na UTIN de um hospital universitário, no período de janeiro/2000 a dezembro/2003. A variável dependente foi óbito intra-hospitalar e as independentes foram variáveis antenatais, perinatais e pós-natais. Criou-se um modelo hierarquizado em três níveis. Realizada a análise bivariada, foram incluídas no modelo as que apresentavam pOBJECTIVE:To estimate the risk factors for mortality during hospitalization in a Neonatal Intensive Care Unit (NICU using a hierarchical logistic model. METHODS:This longitudinal, observational and analytical study enrolled newborns admitted to the NICU from January/2001 to December/2003. The outcome analyzed was in-hospital death and the independent variables were prenatal, perinatal and postnatal factors. A hierarchical model with three levels was built. The variables with p<0.20 by bivariated analysis were included in the model and, after adjustment at the same level, variables with p<0.05 were maintained in the logistic model. Statistic analysis was performed by SPSS.10, software that estimated the accuracy of the model, adopting significance as p<0.05. RESULTS: Among 367 newborns included, 69 (18.8% died during hospital stay. The following risk factors comprised the hierarchical model of logistic regression and were significantly associated with death among the studied neonates: previous stillbirth, being first or second child, Apgar at five minutes below 7, preterm newborn and use of mechanical ventilation. This model had 86.9% of accuracy. CONCLUSIONS: The model obtained in this study has variables of the three hierarchical levels and might be used in Neonatal Intensive Care Units that share the same characteristic of the unit herein studied.

  15. Qualidade da água utilizada para equipamentos de hemodiálise em Unidade de Terapia Intensiva / Water quality of hemodialysis systems at Intensive Care Unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Simone Aparecida Galerani Mossini

    2014-08-01

    Full Text Available Existem critérios e regulamentos para a avaliação da qualidade da água em serviços de unidade de terapia ambulatorial e recomendações específicas para os procedimentos realizados em unidades de terapia intensiva (UTI. Um estudo exploratório foi conduzido em equipamentos de hemodiálise em UTI, em uma cidade do Sul do Brasil. Amostras de água foram coletadas da rede de abastecimento público e pós-osmose reversa associa-da a dois aparelhos de hemodiálise, entre janeiro e junho de 2011. Espectrometria de emissão óptica com fonte de plasma indutivamente acoplado (ICP OES foi utilizada para análise de metais em níveis de traços. Análises bacteriológicas foram realizadas para pesquisa de bactérias heterotróficas. Os dados obtidos mostraram que as concentrações dos metais não excederam os limites estabelecidos pela legislação. A análise bacterioló-gica da água para hemodiálise resultou em contagem inferior a 200 UFC/mL, em todos os meses avaliados, com exceção do mês de fevereiro. Os resultados obtidos corroboram o fato de que a manutenção e os cuidados necessários com a água para o tratamento dialítico têm sido efetivos. A prevenção de complicações decorrentes de contaminantes químicos ou microbiológicos na água para hemodiálise em UTI requer uma atenção cons-tante, uma vez que as condições dos pacientes são diferentes daquelas encontradas em atendimento ambulatorial. --------------------------------------------------------------------- There are rules and regulations for assessment of water quality services in ambulatory care unit and specific recommendations for the procedures performed in intensive care units (ICU services. An exploratory study was conducted at hemodialysis equipment in ICU in a Southern Brazil city. Water samples were directly collected from the network public supply and from post-reverse osmosis associated with hemodialysis equipaments, monthly from January to June 2011. Mass

  16. Cirurgia bariátrica: existe necessidade de internação em unidade de terapia intensiva? Bariatric surgery: is admission to the intensive care unit necessary?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Saulo Maia D'Avila Melo

    2009-06-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Determinar o local de internação no pós-operatório de cirurgia bariátrica primária e verificar as complicações clínicas-cirúrgicas que justificassem internação em unidade de terapia intensiva, inclusive morte. MÉTODOS: Estudo transversal, prospectivo, aberto, sendo avaliados 120 pacientes submetidos à cirurgia bariátrica primária por vídeolaparoscopia no período de maio de 2007 a abril de 2008 em um hospital terciário. Utilizou-se o índice de Aldrete e Kroulik para liberação da sala de recuperação pós-anestésica e definição do local de encaminhamento no pós-operatório. RESULTADOS: Entre os 120 pacientes, havia 83 mulheres e 37 homens, com média de idade 35,4 ± 10,5 anos (18 a 66 anos, índice de massa corpórea médio 45,6 ± 10,5. O tempo entre admissão hospitalar e inicio da cirurgia foi de 140,7 ± 81,8 minutos, o tempo cirúrgico 105,0 ± 28,6 minutos, o tempo de permanência na sala de recuperação pós-anestésica foi 125,0 ± 38,0 minutos e tempo de internação hospitalar 47,7 ± 12,4 horas, com 100% dos pacientes deambulando em 24 horas. O índice de Aldrete e Kroulik da sala de recuperação pós-anestésica alcançou pontuação de 10 com 120 minutos em todos os pacientes, com sobrevida de 100%. CONCLUSÃO: Com o uso do índice Aldrete e Kroulik na sala de recuperação pós-anestésica de bypass gástrico por videolaparoscopia em cirurgia bariátrica primária, nenhum paciente foi internado em unidade de terapia intensiva e nenhuma complicação maior foi observada.OBJECTIVE: The purpose of this study was to determine the place of stay at postoperative and to verify medical-surgical complications that would justify admission to the intensive care unit, including death. METHODS: Cross-over, prospective, open study that evaluated 120 patients who were submitted to primary bariatric surgery by video laparoscopy from May 2007 to April 2008 in a tertiary hospital. The Aldrete Kroulik index was

  17. Condition of cleanliness of surfaces close to patients in an intensive care unit Condiciones de limpieza de superficies próximas al paciente en una unidad de terapia intensiva Condições de limpeza de superfícies próximas ao paciente, em uma unidade de terapia intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriano Menis Ferreira

    2011-06-01

    Full Text Available Surface cleaning is a well-known control procedure against the dissemination of microorganisms in the hospital environment. This prospective study, carried out in an intensive care unit over the course of 14 days, describes the cleaning/disinfection conditions of four surfaces near patients. In total, 100 assessments of the surfaces were carried out after they were cleaned. Three methods were used to evaluate cleanliness: a visual inspection, an adenosine triphosphate (ATP bioluminescence assay and testing for the presence of Staphylococcus aureus and meticillin-resistant Staphylococcus aureus/MRSA. Respectively, 20%, 80% and 16% of the assessments by the visual method, ATP and the presence of Staphylococcus aureus/MRSA failed. There were statistically significant differences (pLa limpieza de las superficies es reconocidamente una medida de control de la diseminación de microorganismos en el ambiente hospitalario. Este estudio prospectivo, realizado en una unidad de terapia intensiva, durante 14 días, tuvo como objetivo describir las condiciones de limpieza/desinfección de cuatro superficies próximas al paciente. Cien evaluaciones de las superficies fueron realizadas después del proceso de limpieza. Se utilizaron tres métodos para evaluar la limpieza: inspección visual, adenosín trifosfato (ATP bioluminiscencia y presencia de Staphylococcus aureus/MSRA. Respectivamente, 20%, 80% y 16% de las evaluaciones por los métodos: visual, ATP y presencia de Staphylococcus aureus/MSRA, fueron consideradas reprobadas. Hubo diferencias estadísticamente significativas (pA limpeza das superfícies é reconhecidamente medida de controle da disseminação de microrganismos no ambiente hospitalar. Este estudo prospectivo, realizado em uma unidade de terapia intensiva, durante 14 dias, teve como objetivo descrever as condições de limpeza/desinfecção de quatro superfícies próximas do paciente. Cem avaliações das superfícies foram realizadas ap

  18. Desvelando o cuidado de enfermagem ao paciente transplantado hepático em uma Unidade de Terapia Intensiva Desvelando la atención de enfermería al paciente hepático trasplantado en una Unidad de Terapia Intensiva Unveiling nursing care to liver transplanted patients in an Intensive Care Unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Cristina Leite Araújo Borges

    2012-12-01

    Full Text Available Pesquisa exploratória com abordagem qualitativa realizada em uma unidade de terapia intensiva cirúrgica de um hospital universitário de Fortaleza-CE, Brasil, com o objetivo de compreender a percepção da equipe de enfermagem sobre as ações de cuidado implementadas em uma UTI pós-operatória que atende a pacientes submetidos a transplante hepático. Participaram 20 profissionais de enfermagem. Utilizaram-se entrevistas semiestruturadas e observação sistemática. Os resultados apontaram que o cuidado de enfermagem ao transplantado hepático envolve aspectos técnicos e psicossociais amplos, necessitando de conhecimento e experiência. Observou-se que, muitas vezes, o cuidado de enfermagem foi aceito como resultante de uma prescrição médica, e não de uma avaliação individualizada do enfermeiro. Considera-se que a enfermagem precisa apropriar-se de instrumentos próprios da profissão para fortalecer o cuidado autônomo, individual e holístico.Investigación exploratoria con enfoque cualitativo realizada en una unidad de terapia intensiva quirúrgica de un hospital universitario de Fortaleza (CE, Brasil, con objetivo de comprender la percepción del equipo de enfermería acerca de las acciones de atención llevadas a cabo en una UTI postoperatoria que atiende a pacientes sometidos a trasplante hepático. Participaron 20 profesionales de enfermería. Se utilizaron entrevistas semi-estructuradas y observación sistemática. Los resultados señalaron que la atención de enfermería al trasplantado hepático envuelve aspectos técnicos y psicosociales amplios, lo que necesita de conocimiento y experiencia. Se observó que, a menudo, la atención de enfermería fue acepta como resultado de una prescripción y no de una evaluación individualizada del enfermero. Se considera que la enfermería tiene que apropiarse de sus instrumentos para fortalecer la atención autónoma, individual y holística.This exploratory research with qualitative

  19. Noise at the Neonatal Intensive Care Unit and inside the incubator Ruido en la Unidad de Terapia Intensiva Neonatal y en el interior de la incubadora Ruído na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal e no interior da incubadora

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eliana Moreira Pinheiro

    2011-10-01

    Full Text Available The goal was to identify sound pressure level (SPL at the neonatal intensive care unit (NICU and inside the incubator of a teaching hospital of a public university from São Paulo - SP, Brazil. SPL inside the NICU and the incubator were measured using four dosimeters in January/2010. SPL at the NICU varied from 52.6 dBA to 80.4 dBA and inside the incubator, from 45.4 dBA to 79.1 dBA. SPL both at the NICU and inside the incubator are above the recommended values, but levels were higher at the NICU than inside the incubator. Although there are some specific factors related to SPL inside the incubator, the NICU and incubator acoustic features present a system: an increase/decrease in SPL at the NICU usually tends to increase/decrease SPL inside the incubator. The study points to the need for simultaneous monitoring of SPL at the NICU and inside the incubator.Se tuvo por objetivo identificar el nivel de presión sonora (NPS de la Unidad de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN y del interior de la incubadora de un hospital escuela de una universidad pública de Sao Paulo-SP, Brasil. El NPS de la UTIN y de la incubadora fueron obtenidos por cuatro dosímetros en enero de 2010. El NPS de la UTIN varió entre 52,6 dBA y 80,4 dBA y el del interior de la incubadora fue de 45,4dBA a 79,1dBA. Tanto el NPS de la UTIN como el del interior de la incubadora son mayores que lo que recomendado, siendo más altos en la UTIN que en la incubadora. A pesar de que existen algunos factores específicos relacionados al NPS en el interior de la incubadora, los perfiles acústicos de la UTIN y de la incubadora son como un sistema, es decir: la elevación/reducción del NPS de la UTIN generalmente tiende a elevar/reducir el NPS en el interior de la incubadora. Se concluye que muy importante la monitorización simultánea del NPS de la UTIN y del interior de la incubadora.Este trabalho teve por objetivo identificar o nível de pressão sonora (NPS da Unidade de Terapia

  20. A primeira visita ao filho internado na unidade de terapia intensiva neonatal: percepção dos pais Primera visita al hijo internado en unidad de terapia intensiva neonatal: percepción de los padres The first visit to a child in the neonatal intensive care unit: parents perception

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kayna Trombini Schmidt

    2012-03-01

    Full Text Available Este estudo teve como objetivo identificar os sentimentos, experiências e expectativas dos pais durante a primeira visita ao filho internado na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN. Estudo descritivo com abordagem qualitativa realizado na UTIN de um hospital de ensino de Maringá-PR. Foram entrevistados nove mães e um pai. Os dados foram coletados na segunda quinzena de junho de 2010, por meio de entrevistas semiestruturadas, posteriormente analisadas por meio do referencial de análise de conteúdo de Bardin. As categorias temáticas desprendidas dos depoimentos foram: Anseios antes da primeira visita ao filho; Vivenciando a primeira visita; e Lidando com as informações. Os resultados encontrados ampliam a compreensão dos sentimentos e das necessidades dos pais na primeira visita ao filho internado na UTIN e possibilitaram a reflexão sobre intervenções de enfermagem que possam amenizar as implicações negativas desse período situacional do ciclo de vida.Este estudio tuvo el objetivo de identificar los sentimientos, experiencias y expectativas de los padres durante la primera visita al hijo hospitalizado en la Unidad de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN. Estudio descriptivo con abordaje cualitativo realizado en la UTIN de un hospital de enseñanza de Maringá-PR. Fueron entrevistados nueve madres y un padre. Los datos fueron recogidos en la segunda quincena de junio de 2010, por medio de entrevistas seme estructuradas, analizadas por medio del referencial de análisis de contenido de Bardin. Las categorías temáticas desprendidas de las declaraciones fueron: Anhelos antes de la primera visita al hijo; Viviendo la primera visita; y Lidiando con las informaciones. Los resultados encontrados amplían la comprensión de los sentimientos y de las necesidades de los padres en la primera visita al hijo internado en la UTIN y posibilitó la reflexión sobre intervenciones de enfermería que puedan amenizar las implicaciones negativas de

  1. The attitudes of nurses from an intensive care unit in the face of errors: an approach in light of bioethics Postura de los enfermeros de una unidad de terapia intensiva frente al error: un abordaje utilizando referenciales bioéticos Postura dos enfermeiros de uma unidade de terapia intensiva frente ao erro: uma abordagem à luz dos referenciais bioéticos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rita de Cássia Pires Coli

    2010-06-01

    Full Text Available This study analyzed the attitudes of nurses concerning the occurrence of errors in nursing procedures carried out in an Intensive Care Unit (ICU based on the bioethics framework. This descriptive study with qualitative approach was carried out with 14 nurses from a private hospital in the city of São Paulo, Brazil. Results were analyzed according to Bardin’s proposal of content analysis. The resulting themes were: acknowledging one’s fallibility; acknowledging and reporting errors; hiding errors. The nurses’ reports are based on considerations through the lens of bioethics: taking responsibility for an error implies acknowledging one’s own vulnerabilities; acknowledging an error with responsibility implies ethical conditions in the relationships among those involved; and errors are in the context of a particular environment. This study enables re-thinking nursing practice based on bioethics, resorting to the analysis of errors focusing on the relationships between those involved.El objetivo de este trabajo es analizar, a partir de referenciales de la bioética, la postura de los enfermeros delante de la ocurrencia de errores en procedimientos de enfermería, en una unidad de terapia intensiva (UTI. Se trata de investigación descriptiva, bajo abordaje cualitativo, realizado con 14 enfermeros de una UTI, en un hospital privado de Sao Paulo. El análisis de los resultados fue realizado según la propuesta de análisis de contenido de Bardin. Los resultados evidenciados fueron: reconociendo ser falible, reconociendo y comunicando el error, y omitiendo el error. Los relatos de los enfermeros formaron la base para las consideraciones apuntadas a la luz de los referenciales bioéticos; la responsabilidad delante del error supone el reconocimiento de las propias vulnerabilidades, asumir el error con responsabilidad supone condiciones éticas en las relaciones entre las personas envueltas y el error tiene un ambiente. Este estudio propicia

  2. Therapeutic futility as an ethical issue: intensive care unit nurses La obstinación terapéutica como una cuestión ética: enfermeras de unidades de terapia intensiva Obstinação terapêutica como questão ética: enfermeiras de unidades de terapia intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Karen Knopp de Carvalho

    2009-06-01

    Full Text Available Therapeutic futility in intensive care units (ICUs is still little discussed among nursing professionals responsible for implementing prescribed procedures, which they might disagree on. Therefore, interviews were carried out with ICU nurses to understand how they are coping with the implementation of futile treatments. Based on the analysis of collected data, the following categories emerged: Therapeutic futility: what is it?; Therapeutic futility extends suffering; Therapeutic futility with healing as a priority; Coping with therapeutic futility: humanized care? The study indicates the need to evaluate therapeutic measures provided to terminal patients with a view to improving their quality of life in this final phase. When healing is no longer possible, care is necessary with a view to respecting the sick person's integrity because care is the essence of the nursing profession.La obstinación terapéutica, presente en las Unidades de Terapia Intensiva (UTIS, aún es poco discutida entre los profesionales de enfermería que son responsables por la implementación de las terapéuticas y con las cuales pueden discordar. Así, para comprender, como las enfermeras de UTIs, vienen enfrentando los tratamientos fútiles fueron realizadas entrevistas con estas profesionales. A partir del análisis de contenido de los datos, fueron construidas categorías: Obstinación terapéutica: ¿Qué es eso?; La obstinación terapéutica como la continuidad del sufrimiento; la obstinación terapéutica como la preferencia de la cura; el enfrentamiento de la obstinación terapéutica: ¿Es un cuidado humanizado? La evaluación de medidas terapéuticas que necesitan ser utilizadas en pacientes en proceso de morir y de muerte, de modo que puedan vivir su vida con calidad es fundamental. Cuando no existen posibilidades de curar, es necesario efectuar el cuidado respetando la integridad de la persona enferma. El cuidado es la base del ejercicio profesional de la

  3. Experiência existencial de mães de crianças hospitalizadas em Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica Experiencia existencial de madres de niños hospitalizados en Unidades de Terapia Intensiva Pediátrica Existetial experienc of mothers of hospitalized children in intensive pediatric care unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gilvânia Smith da Nóbrega Morais

    2009-09-01

    Full Text Available Este estudo tem como objetivo compreender a experiência existencial de mães de crianças hospitalizadas em Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica (UTIP. Trata-se de uma pesquisa de natureza qualitativa, consubstanciada na Teoria Humanística de Enfermagem. O cenário da investigação foi uma UTIP de um hospital público. Participaram do trabalho cinco mães de crianças hospitalizadas na referida unidade. Os dados foram analisados com base nas cinco fases da Enfermagem Fenomenológica. A partir dos discursos expressos durante a coleta de dados, emergiram as seguintes temáticas: a relação vivenciada entre as mães e os profissionais de enfermagem no momento da admissão e ao longo da hospitalização da criança na UTIP; e mães vivenciando sentimentos de medo, desespero e solidão diante do adoecimento do filho. O presente estudo ressalta a complexidade de que se reveste uma abordagem centrada nas genitoras e subsidia um novo olhar no âmbito da assistência, do ensino e da pesquisa em enfermagem.Este estudio tiene como objetivo comprender la experiencia existencial de madres de niños hospitalizados en Unidades de Terapia Intensiva Pediátrica (UTIP. Se trata de una investigación de naturaleza cualitativa basada en la Teoría Humanística de Enfermería. El escenario de la investigación fue una UTIP de un hospital público. Participaron del trabajo cinco madres de niños hospitalizados en la referida unidad. Los datos fueron analizados con base en las cinco fases de la Enfermería Fenomenológica. A partir de los discursos expresados durante la recolección de datos emergieron las siguientes temáticas: la relación experimentada entre las madres y los profesionales de enfermería en el momento de la admisión y a lo largo de la hospitalización del niño en la UTIP; madres experimentando sentimientos de miedo, desesperación y soledad delante de la enfermedad del hijo. El presente estudio resalta la complejidad de que se reviste un

  4. Internação em unidade de terapia intensiva e a família: perspectivas de cuidado Hospitalización en unidad de terapia intensiva y la familia: perspectivas de cuidado Hospitalization in intensive care unit and family: care perspectives

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    LUIZ ANTONIO BETTINELLI

    2009-07-01

    Full Text Available Estudo de abordagem qualitativa e abordagem hermenêutica interpretativa com o objetivo de compreender o significado da internação em Unidade de Terapia Intensiva (UTI para familiares de pacientes. Foram entrevistados 16 familiares de pacientes internados na UTI geral de um hospital do nterior do RS.Da análise temática emergiram as categorias: Família em busca de acolhimento e solidariedade; Aspectos bioéticos da internação na UTI; Apreensão e esperança (desesperança dos familiares; e, Separação e desorganização da família. Depreende-se que o processo de humanização do cuidado no ambiente hospitalar também alcance a família, e que os profissionais do intensivismo incrementem sua atenção aos familiares dos pacientes internados como uma nova perspectiva de cuidado.Estudio de enfoque cualitativo y hermenéutico interpretativo dirigido a comprender lo que significa la hospitalización en la Unidad de Terapia Intensiva (UTI para la familia del paciente. Se entrevistaron 16 familiares de pacientes hospitalizados en la UTI general de un hospital del interior de RS. A partir del análisis temático surgieron las siguientes categoría;s: Familia en busca de apoyo y solidaridad; Aspectos bioéticos de la hospitalización en la UTI; Aprehensión y esperanza (desesperanza de los familiares, y, Separación y desorganización de la familia. Del estudio se desprende que el proceso de humanización del cuidado en el ambiente clínico también debe alcanzar a la familia, y que los profesionales del área de cuidados intensivos deben aumentar la atención a los familiares de los pacientes como nueva perspectiva de cuidado.This qualitative and hermeneutic study focus on understanding the meaning of hospitalization in Intensive Care Unit (UTI for patient’s relatives. Sixteen of these relatives were interviewed in the UTI of a general hospital in one city of RS.From the analysis emerged the following thematic categories: Family in search of

  5. Promoção de vínculo afetivo na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal: um desafio para as enfermeiras Promoción de vínculo afectivo en la Unidad de Terapia Intensiva Neonatal: un desafío para las enfermeras Promoting affective attachment at the neonatal intensive care unit: a challenge for nurses

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudete Aparecida Conz

    2009-12-01

    Full Text Available As observações do cotidiano na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIn, as reflexões sobre a dicotomia entre a teoria, o discurso e o modo de atuação de muitos enfermeiros junto aos pais dos recém-nascidos, suscitaram-nos inquietações que nos levaram a desenvolver este estudo, com os objetivos de conhecer a vivência da enfermeira no cuidado ao recém-nascido e aos seus pais na UTIn e compreender como as enfermeiras vivenciam o processo de vínculo afetivo entre recém-nascidos internados em UTIn e seus pais. Realizamos a pesquisa de acordo com a abordagem da fenomenologia social de Alfred Schütz. Os sujeitos do estudo foram oito enfermeiras assistenciais, com experiências em UTIn de hospitais públicos e privados. Dentre as categorias concretas do vivido, que emergiram dos discursos, destacamos o Contato Humano. Os resultados da análise mostraram que as enfermeiras percebem-se como elo de aproximação entre filhos e pais e acreditam que exercem papel importante na formação de vínculo afetivo entre eles.Las observaciones de lo cotidiano en la Unidad de Terapia Intensiva Neonatal (UTIn, las reflexiones sobre la dicotomía entre la teoría, el discurso y el modo de actuación de muchos enfermeros junto a los padres de los recién nacidos, nos suscitaron inquietudes que nos llevaron a desarrollar este estudio, con los objetivos de conocer la vivencia de la enfermera en el cuidado al recién nascido y a sus padres en la UTIn y comprender como las enfermeras experimentan el proceso de vínculo afectivo entre recién nascidos internados en UTIn y sus padres. Realizamos la investigación de acuerdo con el abordaje de la fenomenología social de Alfred Schütz. Los sujetos del estudio fueron ocho enfermeras asistenciales, con experiencias en UTIn de hospitales públicos y privados. Entre las categorías concretas de lo vivido, que emergieron de los discursos, destacamos el Contacto Humano. Los resultados del análisis mostraron que

  6. Sistematização da Assistência de Enfermagem em Unidade de Terapia Intensiva sustentada pela Teoria de Wanda Horta Sistematización de la asistencia de enfermería en una unidad de terapia intensiva basada en la Teoría de Wanda Horta Nursing care systematization at the intensive care unit (ICU based on Wanda Horta's theory

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lúcia Nazareth Amante

    2009-03-01

    Full Text Available O objetivo foi implementar a Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE, tendo como referencial a Teoria das Necessidades Humanas Básicas de Wanda de Aguiar Horta e o Diagnóstico de Enfermagem da North American Nursing Diagnosis Association (NANDA, partindo da avaliação do conhecimento da equipe de enfermagem sobre a SAE e incluindo a sua participação nesse processo. É uma pesquisa-ação de cunho qualitativo, realizada na Unidade de Terapia Intensiva de um Hospital da cidade de Brusque, Santa Catarina, de outubro de 2006 a março de 2007. Pode-se perceber que os profissionais da enfermagem sabem pouco sobre a SAE, porém possuem grande interesse em aprender e desenvolvê-la em sua prática diária. Conclui-se que foi possível realizar uma sistematização de assistência de fácil aplicação, através da utilização de impressos simples que forneceram todas as informações necessárias para o desenvolvimento qualificado do cuidado de enfermagem.El objetivo fue implementar la Sistematización de la Asistencia de Enfermería (SAE utilizando como marco teórico la Teoría de las Necesidades Humanas Básicas de Wanda de Aguiar Horta y el Diagnóstico de Enfermería de la North American Nursing Diagnosis Asociation (NANDA, partiendo de la evaluación del conocimiento del equipo de enfermería sobre la SAE e incluyendo su participación en ese proceso. Se trata de una investigación de tipo cualitativo, realizada en la Unidad de Terapia Intensiva de un Hospital de la ciudad de Brusque, en el estado de Santa Catarina, en los meses de octubre de 2006 a marzo de 2007. Se puede percibir que los profesionales de enfermería saben poco sobre la SAE; sin embargo poseen un gran interés en aprenderla y desarrollarla en su práctica diaria. Se concluye que fue posible realizar una sistematización de la asistencia de fácil aplicación, a través de la utilización de folletos simples que ofrecen todas las informaciones necesarias para el

  7. Severity of trauma victims admitted in intensive care units: comparative study among different indexes Gravedad de las víctimas de trauma, admitidas en unidades de terapia intensiva: estudio comparativo entre diferentes índices Gravidade das vítimas de trauma, admitidas em unidades de terapia intensiva: estudo comparativo entre diferentes índices

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lilia de Souza Nogueira

    2009-12-01

    Full Text Available This study compared the performance of the Injury Severity Score (ISS with the New Injury Severity Score (NISS and also the Simplified Acute Physiology Score II (SAPS II with the Logistic Organ Dysfunction System (LODS in trauma victims, in order to predict mortality and length of stay in Intensive Care Units (ICU, besides identifying which indexes have been the most effective to estimate these results. A retrospective analysis was done in the records of 185 victims admitted in ICU between June and December 2006. None of the four indexes properly discriminated the patients according to length of stay at the ICU. The ISS and the NISS did not show a good discriminating capacity in case of death, but the SAPS II and the LODS presented good performance to estimate mortality at the ICU. Results pointed towards the use of SAPS II and LODS when trauma victims are admitted in an ICU.Este estudio tuvo por objetivo comparar en víctimas de trauma el desempeño del Injury Severity Score (IS, con el New Injury Severity Score (NIS y, también, del Simplified Acute Physiology Score II (SAPS II, con el Logistic Organ Dysfunction System (LODS para predecir la mortalidad y el tiempo de permanencia en unidades de terapia intensiva (UTI, y también para identificar cuales índices fueron los más efectivos para estimar esos resultados. Fue realizado un análisis retrospectivo de las fichas de 185 víctimas, admitidas en una UTI, entre junio y diciembre de 2006. Los cuatro índices no discriminaron adecuadamente a los pacientes según el tiempo de permanencia en la UTI. El IS y el NIS no mostraron una buena capacidad discriminatoria para la ocurrencia de muerte, diferente del SAPS II y del LODS que presentaron un mejor desempeño para estimar la mortalidad en UTI. Los resultados apuntaron para el uso del SAPS II y del LODS cuando víctimas de trauma son internadas en una UTI.Este estudo objetivou comparar em vítimas de trauma o desempenho do Injury Severity Score

  8. Processo de trabalho na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal: construção de uma atenção orientada pela integralidade Proceso de trabajo en la Unidad de Terapia Intensiva Neonatal: construcción de una atención integral Work process in the neonatal intensive care unit: building a holistic-oriented care

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elysângela Dittz Duarte

    2009-09-01

    Full Text Available Trata-se de um estudo qualitativo, que teve como objetivo analisar a ação dos profissionais e sua contribuição na construção da integralidade do cuidado ao recém-nascido internado na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN. O estudo foi realizado no Hospital Sofia Feldman, em Belo Horizonte (Minas Gerais, e teve como sujeitos 10 profissionais que assistem o recém-nascido na UTIN, e 7 pais de recém-nascidos ali internados. Para coleta de dados utilizaram-se a Oficina de Trabalho e a Observação Participante. O tratamento e a análise dos dados coletados foram feitos por meio de Análise de Discurso. A partir dos dados, evidenciaram-se as potencialidades da prática dos profissionais orientada pelo sentido da integralidade, os atos de saúde que materializam ou não a integralidade, as diferentes percepções dos participantes acerca do trabalho realizado pela equipe, e de que forma a lógica da organização do processo de trabalho inscreve o fazer do coletivo de trabalhadores.Se trata de un estudio cualitativo que tuvo como objetivo analizar la acción de los profesionales y su contribución en la construcción del cuidado integral al recién nacido internado en la Unidad de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN. El estudio fue realizado en el Hospital Sofía Feldman, en Belo Horizonte (Minas Gerais y tuvo como sujetos 10 profesionales que asisten al recién nacido en la UTIN y 7 padres de recién nacidos, allí internados. Para recolectar los datos se utilizó el Taller de Trabajo y la Observación Participante. El tratamiento y el análisis de los datos recolectados fueron hechos por medio del Análisis del Discurso. A partir de los datos se evidenció el potencial de la práctica de los profesionales orientada por el sentido del cuidado integral, por los actos de salud que materializan el cuidado integral, las diferentes percepciones de los participantes acerca del trabajo realizado por el equipo y de que forma la lógica de la

  9. Web-based simulation: a tool for teaching critical care nursing Simulación utilizando la web: una herramienta para la enseñanza de enfermería en terapia intensiva Simulação baseada na web: uma ferramenta para o ensino de enfermagem em terapia intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sayonara de Fatima Faria Barbosa

    2009-02-01

    Full Text Available The objectives of this study were to develop, to implement and to evaluate a web-based simulation for critical care nursing, as a tool for teaching nursing students at the undergraduate level. An adapted methodology was used to develop teaching material in a web-based learning environment, consisting of three evaluation phases (ergonomic, pedagogical and usability, carried out by web-designers/programmers, nursing teachers/nurses, and undergraduate nursing students. The research tools used were three different evaluation forms, based on a five-point Likert scale, which were applied after using the simulation. The results garnered from the forms show positive analyses in every evaluation, with special emphasis on the encouragement of learning in the pedagogical evaluation period. In the usability evaluation, the highlight was on the students' satisfaction in using the environment and how easy it was to navigate. This shows the feasibility of using this simulation to improve the learning process.Este estudio tuvo por objetivos desarrollar, implementar y evaluar una simulación de terapia intensiva, utilizando la tecnología web, para la enseñanza de graduación en enfermería. Fue utilizada una metodología adaptada para la construcción de material de instrucción en ambiente de enseñanza web, compuesta por tres fases de evaluación (ergonómica, pedagógica y utilización, realizadas por webdesigners/programadores, docentes/enfermeros y alumnos del curso de graduación en enfermería. Como instrumentos de investigación, fueron aplicados tres diferentes formularios de evaluación, basados en la escala Likert de cinco puntos, después de la utilización de la simulación. Los resultados presentados en los formularios muestran análisis positivos en todas las evaluaciones, destacando en la evaluación pedagógica el estímulo al aprendizaje y en la evaluación de utilización la satisfacción de los alumnos al usar el ambiente y al constatar la

  10. A estrutura representacional do cuidado intensivo para profissionais de Unidade de Terapia Intensiva móvel Estructura representacional del cuidado intensivo para profesionales de unidad de terapia intensiva móvil Representational structure of intensive care for professionals working in mobile intensive care units

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Keyla Cristiane do Nascimento

    2013-02-01

    Full Text Available O presente trabalho trata-se de pesquisa qualitativa baseada na Teoria das Representações Sociais em sua abordagem estrutural, que objetivou analisar as representações sociais do cuidado intensivo para profissionais que atuam em Unidade de Terapia intensiva móvel mediante a determinação do núcleo central e do sistema periférico. Envolveu 73 profissionais de saúde de um Serviço de Atendimento Móvel de Urgência. Os dados foram coletados através de evocações livres ao termo indutor cuidado a pessoa em risco de vida e tratados pelo software EVOC. Observa-se um núcleo estruturado no conhecimento e na responsabilidade, ao mesmo tempo que os elementos de contraste apresentam léxicos como agilidade, atenção, estresse e humanização. A estrutura representacional revelada pelos participantes refere-se especialmente à funcionalidade do cuidado intensivo, distinguindo-o pelos desafios e estímulos que proporciona a quem desempenha funções nessa área.Investigación cualitativa basada en la Teoría de las Representaciones Sociales en su abordaje estructural, que objetivó analizar las representaciones sociales del cuidado intensivo para profesionales que se desempeñan en unidades de terapia intensiva móviles, mediante la determinación del núcleo central y del sistema periférico. Involucró a 73 profesionales de salud de un Servicio de Atención Móvil de Urgencias. Datos recolectados mediante evocaciones libres al término inductor cuidado a la persona en riesgo de vida y tratados con software EVOC. Se observa un núcleo estructurado en el conocimiento y en la responsabilidad, al mismo tiempo en que los elementos de contraste presentan vocablos como agilidad, atención, estrés y humanización. La estructura representacional revelada por los participantes se refiere especialmente a la funcionalidad del cuidado intensivo, distinguiéndolo por los desafíos y estímulos que proporciona a quienes desempeñan funciones en dicha

  11. Potential drug interactions in intensive care patients at a teaching hospital Interacciones medicamentosas potenciales en pacientes de una unidad de terapia intensiva de un hospital universitario Interações medicamentosas potenciais em pacientes de unidade de terapia intensiva de um hospital universitário

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rhanna Emanuela Fontenele Lima

    2009-04-01

    Full Text Available This study assessed potential drugs interactions in intensive care patients at a university hospital in Ceará, northeast Brazil. Of 102 patients studied, 72.5% were exposed to 311 potential drug-drug interactions; 64% of them were females aged 60 years or more and hospital stay was at least 9 days. A statistically significant association was found between number of drugs used and the occurrence of drug interactions. A total of 1,140 drugs were scheduled to be administered concomitantly; of these, 74% had potential for drug interactions. As for the classification of these events, 48.2% had a pharmacokinetic profile; 55.4% were of slow onset; 54.7% had moderate severity; and 60.6% were well-documented in the literature. The most common clinical action taken was "to monitor signs and symptoms". Nursing staff can perform 80% of preventive actions to avoid undesirable effects of drug interactions. However, nurses need to have adequate knowledge about drug action mechanisms and triggering factors associated to drug interactions.Este estudio investigó interacciones medicamentosas (IM potenciales en una Unidad de Terapia Intensiva (UTI en un hospital universitario del Ceará. De los 102 pacientes del estudio, 72,5% presentaron 311 potenciales IMs. De estos, 64% eran del sexo femenino, con edad mayor o igual a 60 años y tiempo de internación mayor o igual a nueve días. Hubo una asociación estadísticamente significativa entre el número de medicamentos y la ocurrencia de IM; 1.140 medicamentos fueron administrados durante el mismo horario, entre estos, 74% presentaron potencial para IM. En lo que se refiere a la clasificación de las IMs, 48,2% presentaron un perfil fármaco cinético, 55,4% inicio demorado, 54,7% moderada gravedad y 60,6% bien documentadas en la literatura. El manejo clínico más frecuente fue "observar señales y síntomas". Ochenta por ciento de las intervenciones para evitar los efectos indeseables de las IMs pueden ser

  12. A Unidade de Terapia Intensiva Neonatal possibilitando novas práticas no cuidado ao recém-nascido La Unidad de Terapia Intensiva Neonatal posibilitando nuevas prácticas en el cuidado al recién nacido The Neonatal Intensive Care Units giving new practices to newborns care

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberta Costa

    2011-06-01

    Full Text Available Pesquisa qualitativa, com abordagem sócio-histórica. O objetivo é compreender como se instituíram as práticas de cuidado ao recém-nascido na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN em Florianópolis, na década de 1980. O contexto do estudo foi o Hospital Infantil Joana de Gusmão. Os sujeitos foram profissionais de saúde que participaram da implantação da UTIN. Para análise dos dados utilizamos o método genealógico proposto por Foucault. Identificamos quatro agrupamentos discursivos: Muita criança saiu ganhando com isso; A gente aprendeu a cuidar do recém-nascido, cuidando; Faltava um olhar mais científico para a assistência; Cuidado sensível, humanizado e individualizado. A implantação de uma unidade específica para o cuidado do recém-nascido resultou numa redução da morbi-mortalidade neonatal e na aquisição do conhecimento científico. Os discursos dos profissionais de saúde revelam que, desde os primórdios da UTIN, já havia uma preocupação com o cuidado sensível, humanizado e individualizado ao recém-nascido.Investigación cualitativa, con abordaje socio-histórica, objetivo comprender como se instituyeron las prácticas de cuidado al recién nacido en la Unidad de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN en Florianópolis, Brasil, en la década de 1980. El contexto del estudio fue el Hospital Infantil Joana de Gusmão. Los sujetos fueron profesionales de salud que participaron de la implantación de la UTIN. Para análisis de los datos fue utilizado el método genealógico propuesto por Foucault. Identificamos 4 formaciones discursivas: Muchas niños salieron ganando con eso; Aprendimos a cuidar del recién nacido, cuidando; Faltaba un mirar más científico para la asistencia; Cuidado sensible, humanizado e individualizado. La implantación de una unidad para cuidado del recién nacido resultó en reducción de la morbimortalidad neonatal y adquisición del conocimiento científico. Los discursos de los

  13. Análise de estressores para o paciente em Unidade de Terapia Intensiva Analysis of stressors for the patient in Intensive Care Unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Almir Galvão Vieira Bitencourt

    2007-03-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O ambiente hospitalar, especialmente o de uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI, devido à complexidade do atendimento prestado, bem como a estrutura física, o barulho, os equipamentos e a movimentação das pessoas, é tido como gerador de estresse para os pacientes. O objetivo deste estudo foi identificar e estratificar os estressores para pacientes internados em UTI, na perspectiva do próprio paciente, familiares e profissionais de saúde. MÉTODO: Estudo de corte transversal realizado entre junho e novembro de 2004, na UTI geral de hospital privado. A amostra foi composta por três grupos: pacientes (G1, familiares (G2 e um membro da equipe da UTI responsável pelo atendimento do paciente incluído (G3. Para identificação e estratificação dos fatores estressantes, utilizou-se a Escala de Estressores em UTI (Intensive Care Unit Environmental Stressor Scale - ICUESS. Para cada paciente e participante, foi calculado um escore total de estresse (ETE pela soma de todas as respostas da escala. RESULTADOS: Foram incluídos 30 pacientes e participantes em cada grupo. A média de idade foi de: 57,30 ± 17,61 anos para o G1; 41,43 ± 12,19 anos para o G2; e 40,82 ± 20,20 anos para o G3. A média do ETS foi: 62,63 ± 14,01 para os pacientes; 91,10 ± 30,91 para os familiares; e 99,30 ± 21,60 para os profissionais. A média do ETS dos pacientes foi estatisticamente inferior à encontrada nos familiares e nos profissionais de saúde (p BACKGROUND AND OBJECTIVES: The hospital environment, especially in Intensive Care Units (ICU, due to the complexity of the assistance, as well as the physical structure, the noise, the equipments and people's movement, is considered as stress generator for the patients. The aim of this study was to identify and stratify the stressful factors for patients at an ICU, in the perspective of the own patient, relatives and health care professionals. METHODS: A cross-sectional study was carried

  14. A prática do (a enfermeiro (a de unidade de terapia intensiva na inserção do cateter de Folley: limites e possibilidades

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Magno Conceição Merces

    2013-01-01

    Full Text Available A enfermagem tem importante papel na prevenção e controle da infecção do trato urinário. A inserção de cateter urinário representa a topografia local com maior índice de infecção hospitalar. O cateter de Folley é um procedimento privativo do enfermeiro, e exige técnicas assépticas durante a sua realização, prevenindo assim, riscos ao cliente. A pesquisa, teve como objetivos avaliar a prática do (a enfermeiro(a na inserção do cateter de Folley e apontar limites e possibilidades dessa prática em pacientes de Unidade de Terapia Intensiva (UTI de um Hospital Geral do Interior da Bahia (HGIB. Metódos: Trata-se de um estudo qualitativo do tipo exploratório e descritivo. A coleta de dados foi realizada através de entrevista semi-estruturada. Após análise dos dados foram apreendidas duas categorias, a saber: a prática do (a enfermeiro (a na inserção docateter de Folley em pacientes de UTI e os limites e possibilidades da prática do (a enfermeiro (a de UTI na inserção do cateterde Folley. Utilizou-se a análise de conteúdo de Bardin para a análise dos dados. Resultados: O estudo aponta que a prática do (a enfermeiro (a na inserção do cateter de Folley em pacientes de UTI é apreendida a partir do uso de técnicas assépticas para a prevenção da infecção urinária, do conhecimento teórico e prático na inserção do cateter de Folley em pacientes de UTI, do conhecimento sobre infecção do trato urinário e as relações com a inserção da sonda vesical e que os limites e possibilidades da prática do (a enfermeiro (a na inserção do catéter de Folley, apresentam-se através de medidas para minimizar os riscos de infecção hospitalar proveniente da sondagem vesical de demora na UTI. Os (as enfermeiros (as sinalizam que os riscos de infecção hospitalar são inerentes à sondagem vesical de demora (SVD. Aspecto importante, pois, o conhecimento ou a suaausência pode se constituir em limite ou possibilidade para

  15. Profilaxia para úlcera de estresse nas unidades de terapia intensiva: estudo observacional multicêntrico Stress ulcer prophylaxis in intensive care units: an observational multicenter study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Sant'Ana Machado

    2006-09-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O sangramento digestivo por úlcera de estresse (SDUE é uma complicação grave dos pacientes criticamente doentes e com necessidade de profilaxia baseada em critérios literários definidos. O objetivo deste estudo foi revisar o uso de profilaxia para SDUE em UTI do Estado do Rio Grande do Sul, comparando os resultados com as evidências atuais da literatura. MÉTODO: Estudo transversal realizado em um único dia, com coleta de dados de todos os pacientes internados em 21 unidades de terapia intensiva (UTI. Para análise dos dados, os pacientes foram distribuídos em três subgrupos (alto, médio e baixo risco de SDUE. RESULTADOS: Foram analisados 235 pacientes internados, com média de idade de 57,7 ± 19,5 anos e tempo médio de internação em UTI de 13 ± 19,7 dias. Os motivos de internação mais freqüentes foram sepse (26% e pós-operatório de grandes cirurgias (16,2%. Da totalidade, 73% eram de alto risco para SDUE, 21,5% de risco intermediário e 5,5% de baixo risco. Dos 187 pacientes de alto risco, 139 estavam usando bloqueadores para SDUE (60% com bloqueadores histaminérgicos (BH2 e 39% com inibidor de bomba de prótons (IBP para profilaxia (60%. Não recebiam profilaxia, apesar de indicada, 25,7% destes pacientes de alto risco. Dos 55 pacientes de risco intermediário para SDUE, 70,9% recebiam profilaxia (22 com BH2 e 17 com IBP e dos 14 pacientes de baixo risco, 71% recebiam profilaxia (6 com BH2 e 4 com IBP. CONCLUSÕES: Este artigo traduziu a ausência de estratificação de risco para SDUE nas UTI do Estado, além da indicação de fármacos gastro-protetores sem critérios precisos para o seu emprego.BACKGROUND AND OBJECTIVES: Gastrointestinal bleeding due to stress ulcer (GB complicates critical disease, and must be received prophylaxis based on defined criteria. To evaluate the GB prophylaxis in Intensive Care Units (ICU, and to compare with the guidelines. METHODS: We carried out a cross

  16. Rinossinusite nosocomial em unidade de terapia intensiva: estudo microbiológico Nosocomial sinusitis in an intensive care unit: a microbiological study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo Lopes Balsalobre Filho

    2011-02-01

    Full Text Available Rinossinusite Nosocomial é uma complicação frequente de pacientes tratados em UTI. É importante o diagnóstico e tratamento precoce para prevenir complicações graves como pneumonia, sepse, meningite e abscesso intracraniano. OBJETIVO: Identificar os agentes causadores de sinusite em UTI através do swab nasal e da punção de seio maxilar, correlacionando seus resultados. MÉTODO: Pacientes atendidos nas unidades de terapia intensiva com diagnóstico tomográfico de sinusopatia maxilar uni ou bilateral foram submetidos ao swab nasal e punção do seio acometido com material enviado para cultura e antibiograma. RESULTADOS: O presente estudo avaliou 22 pacientes. Houve concordância entre o agente microbiano isolado no swab e na punção em 14 dos 22 casos (63%. A flora aeróbia gram negativa foi a mais encontrada com predomínio da Pseudomonas aeruginosa (29% nas punções, seguido de Proteus mirabillis (26% e Acinetobacter baumanni (14%. Houve alto índice de resistência aos antibióticos usados. CONCLUSÃO: A punção direta do seio maxilar acometido em pacientes em UTI com sinusite parece ser o melhor método para identificar os agentes bacterianos e, através do seu antibiograma, direcionar a conduta terapêutica antimicrobiana. O swab mostrou ter pouco valor diagnóstico, com concordância de 63%, podendo ser reservado para casos onde a punção está contraindicada.Nosocomial sinusitis is a common complication of patients in ICUs. Its diagnosis is important, and early treatment is required to avoid serious complications such as pneumonia, sepsis, meningitis, and intracranial abscesses. AIM: To identify the germs causing sinusitis in ICUs by nasal swabs and maxillary sinus puncture, and to correlate these results. METHODS: ICU patients with a diagnosis (CT confirmed of maxillary sinusitis underwent nasal swab and puncture of the sinus to collect material for culture and antibiogram. RESULTS: This study evaluated 22 patients. The

  17. Análise das pressões intracuff em pacientes em terapia intensiva Analysis of the intracuff pressures of intensive care patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marina Furtado de Camargo

    2006-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: A pressão intracuff, quando mal ajustada, pode gerar complicações, sendo importante sua mensuração precisa e rotineira. O objetivo deste estudo foi comparar as pressões intracuff nos períodos matutino, vespertino e noturno, além de avaliar as pressões dos tubos orotraqueais (TOT e das cânulas de traqueostomia, comparando seus valores e correlacionando com o gênero. MÉTODOS: Estudo descritivo e prospectivo com amostra composta por 72 pacientes (51 com TOT e 21 traqueostomizados, internados na Unidade de Terapia Intensiva. As pressões intracuff foram mensuradas, com um cufômetro, nos períodos matutino, vespertino e noturno. Estas pressões foram ajustadas, quando necessário, pelo método auscultatório da traquéia e verificação do escape de ar pela boca. RESULTADOS: A média geral das pressões intracuff foi de 32,9±8,9 cmH2O, sendo no turno matutino de 36,7±1,6 cmH2O, no vespertino de 31,6±1,04 cmH2O e no noturno de 30,6±1,16 cmH2O, com significância entre os períodos matutino e vespertino (pOBJECTIVE: The intracuff pressure, when maladjusted, may cause complications. It is therefore important to measure it precisely and according to a routine. The objective of this study was to compare the intracuff pressures in the morning, afternoon and night shifts, and to measure pressures of the endotracheal tube (TOT and the tracheotomy tube, comparing the results obtained and relating it with patients gender. METHODS: In this descriptive and prospective study, the intracuff pressure of 72 intensive care unit patients (51 using TOT and 21 tracheotomy tube was measured with a control-insuflator during the morning, afternoon and night shift changes. These pressures were adjusted when necessary, aided by the tracheal auscultation method and by the observation of the mouth air leaks. RESULTS: Average pressures were 32.9±8.9cmH2O, of which 36.7±1.6cmH2O in the morning shift; 31.6±1.04cmH2O in the afternoon shift; and 30.6

  18. Proteção renal na unidade de terapia intensiva cirúrgica Renal protection in a surgical intensive care unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Moraes dos Santos

    2006-09-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A disfunção renal peri-operatória é importante causa de aumento de morbimortalidade. Com o aumento da expectativa de vida, pacientes mais idosos e com maior números de co-morbidades estão sendo submetidos à procedimentos cirúrgicos de alto risco, o que torna as práticas da proteção orgânica possíveis modificadoras de prognóstico a curto e longo prazo. Nesse contexto, esta revisão sobre a proteção renal na unidade de terapia intensiva cirúrgica objetivou destacar os fatores de riscos peri-operatórios e discutir as atuais evidências científicas direcionadas para a diminuição da disfunção renal peri-operatória. CONTEÚDO: Apesar da baixa extração e adequada reserva renal de oxigênio, o rim é extremamente sensível à hipoperfusão sendo a insuficiência renal aguda uma complicação freqüente de instabilidade hemodinâmica. Este aparente paradoxo, comalto suprimento de oxigênio e reduzida extração, com alta incidência de lesão renal à hipotensão, é explicado pelo gradiente fisiológico intra-renal de oxigênio que torna a medula particularmente susceptível à isquemia. Identificou-se fatores de lesão renal em todas as fases do período peri-operatório: jejum e uso de contraste pré-operatório, hipovolemia, hipotensão, liberação de catecolaminas e citocinas, utilização e circulação extracorpórea, politrauma, presença de rabdomiólise e pinçamentoaórtico. É necessário que práticas capazes de diminuir a lesão renal peri-operatória sejam discutidas. CONCLUSÕES: O controle da lesão renal baseia-se nos princípios da fisiologia renal peri-operatória e na otimização da hemodinâmica glomerular. Medidas direcionadas para proteção orgânica devem ser implementadas devido ao impacto da insuficiência renal na evolução clínica neste grupo de pacientes.BACKGROUND AND OBJECTIVES: Perioperative renal dysfunction is an important cause of morbidity and mortality. With

  19. Therapeutic intervention scoring system application in a pediatric intensive care unit Aplicação do índice de intervenção terapêutica em unidade de terapia intensiva pediátrica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro Celiny Ramos Garcia

    2009-08-01

    Full Text Available Introduction: Indices of gravity aim to estimate the disease’s severity. The Therapeutic Intervention Scoring System – 28 (TISS-28 is used in Intensive Care Units as an indirect index to estimate the disease`s gravity interval, which has also been recently used to relate the nursing workload Objective: To review each operational item/definition of the Therapeutic Intervention Scoring System (TISS-28, making a re-reading in order to systematize the data collection practice in Pediatric Intensive Care Units (PICUs. Materials and Methods: An integrative revision research of medical and nursing literature through the base of data from Medical Literature Analysis and Retrieval System Online (MEDLINE and Scientific Electronic Library Online (SciELO using the terms Intensive Care Units, scales and Therapeutic Intervention Scoring System-28 or TISS-28. The articles were selected according to their relevance, as the authors opinion. Results: Preliminary studies show that the use of TISS-28 in ICU of adults patients, has helped in the evolutionary clinical assessment of the patient’s worsening, besides associations between death and elevated scores. The items/operational definitions evaluated in this score are reviewed in order to facilitate the interpretation of each item in the TISS -28 daily application in Pediatric Intensive Care Unit (PICU. Conclusion: The daily assessment of the 28 TISS variables allows the acquirement of an evolutionary profile of hospitalized children, which can help to increase the knowledge of the hospitalized child clinical picture and its prognosis.Introdução: Índices de gravidade buscam estimar a severidade da doença, sendo o Therapeutic Intenvention Scoring System-28 (Sistema de Escore de Intervenção Terapêutica - TISS-28, usado em Unidades de Terapia Intensiva, um índice indireto para estimar intervalos de gravidade da doença que mais recentemente tem sido usado para relacionar a carga de trabalho de

  20. Avaliação da qualidade dos ensaios clínicos aleatórios em terapia intensiva Quality assessment of randomized clinical trial in intensive care

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giulliano Peixoto Gonçalves

    2009-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: O ensaio clínico aleatório é um estudo prospectivo que compara o efeito e o valor das intervenções em seres humanos, utilizando um ou mais grupos contra o grupo controle. O objetivo deste estudo foi avaliar a qualidade dos ensaios clínicos aleatórios publicados em terapia intensiva no Brasil. MÉTODOS: Todos os ensaios clínicos aleatórios encontrados através da busca manual na Revista Brasileira de Terapia Intensiva de janeiro de 2001 a março de 2008 foram analisados para avaliar sua descrição através da escala de qualidade. Foi utilizada uma estatística descritiva e intervalo de confiança de 95% para a variável primária. A variável primária foi a qualidade dos ensaios clínicos aleatórios. RESULTADOS: Foram encontrados 185 artigos originais, sendo 14 de ensaios clínicos aleatórios. Apenas um artigo original analisado (7,1% mostrou-se de boa qualidade. Não houve significância estatística entre os dados coletados e os dados mostrados na hipótese desta pesquisa. CONCLUSÃO: Pode-se concluir que na amostra de artigos avaliada 7% dos ensaios clínicos aleatórios em terapia intensiva publicados em uma revista no Brasil são de boa qualidade metodológica.OBJECTIVE: A randomized clinical trial is a prospective study that compares the effect and value of interventions in human beings, of one or more groups vs. a control group. The objective of this study was to evaluate the quality of published randomized clinical trials in Intensive care in Brazil. METHODS: All randomized clinical trials in intensive care found by manual search in Revista Brasileira de Terapia Intensiva from January 2001 to March 2008 were assessed to evaluate their description by the quality scale. Descriptive statistics and a 95 % confidence interval were used for the primary outcome. Our primary outcome was the randomized clinical trial quality. RESULTS: Our search found 185 original articles, of which 14 were randomized clinical trials. Only

  1. Delirium in intensive care: use of the ‘Confusion Assessment Method for the Intensive Care Unit’ by the nurse / Delirium em terapia intensiva: utilização do Confusion Assessment Method for the Intensive Care Unit pelo enfermeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Isabel Cristina Gomes de Oliveira Tostes

    2018-01-01

    Full Text Available Objetivo: compreender o conhecimento dos enfermeiros sobre o delirium no paciente crítico e a utilização do Confusion Assessment Method for the Intensive Care Unit. Métodos: Estudo exploratório-descritivo, prospectivo, com abordagem mista. Teve-se como população os enfermeiros de uma unidade de terapia intensiva, a amostra constituiu-se de 16 enfermeiros que aceitaram participar de todas as etapas da pesquisa. Realizou-se um pré e pós-teste aplicando-se o instrumento de coleta de dados constituído de 1 pergunta discursiva e 8 objetivas, para análise usou-se análise e conteúdo e estatística básica. A pesquisa foi aprovada pelo comitê de ética em pesquisa do Hospital Universitário Pedro Ernesto, sob o parecer de nº1.360.441. Resultados: Num comparativo entre o pré e pós-teste, o grupo se mostrou mais preparado para identificar o delirium e com maior grau de conhecimento acerca da temática. Conclusão: atualização mostrou-se como uma ferramenta de transformação da prática clínica. Destacando-se a importância da educação permanente para garantir a qualidade na assistência de enfermagem. Descritores: Terapia Intensiva, Enfermagem, Transtornos Cognitivos.

  2. Evaluación clínica temprana del tratamiento de neumonías y bronconeumonías en Terapia Intensiva Cardiovascular / Early clinical assessment of pneumonia and bronchopneumonia treatment in a Cardiovascular Intensive Care Unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andrés M. Rodríguez Acosta

    2015-08-01

    Full Text Available Introducción: Las infecciones nosocomiales son frecuentes. La neumonía nosocomial es la segunda más común entre este tipo de infecciones y es la primera en la Unidad de Terapia Intensiva, donde alcanza una incidencia de 10 a 20 %.Objetivo: Determinar el efecto de la evaluación clínica evolutiva desde 48 - 72 horas de iniciado el tratamiento antimicrobiano.Método: Se realizó una investigación descriptiva, prospectiva de corte longitudinal, en 57 pacientes (muestreo incidental con diagnóstico de cardiopatía isquémica dolo-rosa, que desarrollaron neumonía o bronconeumonía nosocomial e ingresaron en la Unidad de Terapia Intensiva Cardiovascular del hospital “Dr. Celestino Hernández Ro-bau”, desde el 3 de enero al 31 de diciembre de 2013.Resultados: La categorización clínica inicial favoreció el diagnóstico de 50 neumonías y bronconeumonías precoces y 7 graves. La evaluación evolutiva desde las 48 - 72 ho-ras identificó la evolución no satisfactoria en 6 (12 % de las neumonías nosocomiales precoces y en 4 (57,1 % de las graves.Conclusiones: La evaluación clínica evolutiva temprana es útil para detectar la res-puesta al tratamiento antimicrobiano de las neumonías nosocomiales y actuar en consecuencia.

  3. Avaliação dos estágios extracurriculares de medicina em unidade de terapia intensiva adulto Evaluation of extracurricular internships in the adult's intensive care units

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diego Teixeira Nascimento

    2008-12-01

    Full Text Available OBJETIVOS: A formação em medicina intensiva pelos estudantes de Salvador (BA tem acontecido através de estágios extracurriculares. Este estudo visou detectar mudanças na postura e no interesse dos acadêmicos que concluíram estes estágios e os tipos mais comuns de atividades desenvolvidas. MÉTODOS: Estudo transversal descritivo realizado com estudantes que fizeram estágios extracurriculares em unidades de terapia intensiva adulto no segundo semestre de 2006. Utilizou-se um questionário auto-aplicável com questões objetivas. RESULTADOS: Foram entrevistados 49 estudantes. O interesse em se tornar intensivista foi classificado como alto/muito alto por 32,7% antes do estágio, ao final 61,2% referiram aumento do interesse. A média de 1 a 5, sobre a importância da medicina intensiva para o acadêmico atualmente foi de 4,55±0,70. Após o estágio 98% sentem-se mais seguros em indicar um paciente para unidades de terapia intensiva e 95,9% em avaliar, sob supervisão, os pacientes internados em unidades de terapia intensiva e 89,8% em atender pacientes nas emergências. Os procedimentos mais observados foram: acesso venoso central (100%, acesso venoso periférico (91,8% e a intubação orotraqueal (91,8%. Numa escala de 1 a 5, os tópicos classificados como de maior interesse foram: síndrome de resposta inflamatória sistêmica e sepse (4,82±0,48, choque (4,81 ± 0,44 e reanimação cardiopulmonar (4,77 ± 0,55. CONCLUSÕES: O presente estudo mostrou que os estágios extracurriculares em unidades de terapia intensiva adulto de Salvador (BA fornecem ao estudante maior segurança em avaliar pacientes graves, aumenta o interesse do mesmo pela carreira de intensivista e permite o contato com os principais procedimentos e tópicos relacionados à MI no dia-a-dia das unidades de terapia intensiva.OBJECTIVES: Students of Salvador - BA, Brazil were trained in critical care medicine by accomplishing extracurricular internships. This study aims

  4. Crenças que permeiam a humanização da assistência em unidade de terapia intensiva pediátrica Creencias que rondan la humanización de la atención en la unidad de cuidados intensivos Beliefs about humanized care in a pediatric intensive care unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Cristina Pauli

    2003-06-01

    Full Text Available O presente estudo teve como objetivo conhecer as crenças das enfermeiras, em relação à assistência humanizada na Unidade de Terapia Intensiva pediátrica (UTIp. A coleta de dados foi realizada com entrevistas abertas com cinco enfermeiras, depois gravadas e transcritas em sua íntegra. O conteúdo foi analisado, tendo, como referencial teórico, o interacionismo simbólico e, como referencial metodológico, a Teoria Fundamentada em Dados. Com este estudo, foi possível entender que a enfermeira, mesmo encontrando dificuldades para prestar uma assistência humanizada, parece estar abandonando a crença de que UTI é uma unidade tecnicista, passando a buscar estratégias para prestar uma assistência mais humanizada.El estudio tuvo como objetivo conocer las creencias de las enfermeras respecto a la asistencia humanizada en la Unidad de Cuidados Intensivos pediátrica (UCIp. La recolección de datos fue realizada por medio de entrevistas, con preguntas abiertas a cinco enfermeras y después grabadas y transcritas íntegramente. El contenido verbalizado por las enfermeras fue codificado y analizado teniendo como referencial teórico, el Interaccionismo Simbólico y como referencial metodológico, la Teoría Fundamentada en los Datos. Con este estudio fue posible entender que, aunque la enfermera encuentre dificultad para brindar atención humanizada, parece estar abandonando la creencia de que la Unidad de Cuidados Intensivos es una unidad tecnicista, hecho que le está permitiendo ir en la búsqueda de estrategias para el ofrecimiento de una atención más humanizada que considere la presencia frecuente de la familia en la UCI, como forma de aproximación con la familia.This study aimed to understand the nurses' beliefs about humanized care in the Pediatric Intensive Care Unit (PICU. Data collection was accomplished through open interviews with five nurses, which were then taped and fully transcribed. The content analyzed was realized in the

  5. Sepse Brasil: estudo epidemiológico da sepse em Unidades de Terapia Intensiva brasileiras An epidemiological study of sepsis in Intensive Care Units: Sepsis Brazil study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Andrade L. Sales Júnior

    2006-03-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A sepse representa a principal causa de morte nas UTI em todo o mundo. Muitos estudos têm demonstrado um aumento da incidência ao longo do tempo e apenas uma leve redução na mortalidade. MÉTODO: Foi realizado um estudo prospectivo em 65 hospitais de todas as regiões do Brasil. Os pacientes que foram admitidos com sepse ou que desenvolveram sepse no mês de setembro de 2003 foram incluídos. O acompanhamento foi feito até o 28º dia de internação e/ou até a alta da UTI. O diagnóstico seguiu os critérios clássicos propostos na convenção de 1991. Foram avaliados dados demográficos, escore APACHE II, escore SOFA, mortalidade, fonte de infecção, microbiologia, comorbidades, tempo de internação, uso de ventilação mecânica, cateter de Swan-Ganz, vasopressores e hemotransfusão. RESULTADOS: Setenta e cinco unidades de terapia intensiva de todas as regiões do Brasil participaram do estudo. Foram identificados 3128 pacientes e 521 (16,7% foram diagnosticados como tendo o diagnóstico de sepse, sepse grave ou choque séptico. A idade média foi de 61,7 (IQR 39-79, 293 (55,7% corresponderam ao sexo masculino, e a mortalidade global em 28 dias foi de 46,6%. O escore APACHE II médio foi de 20 e o escore SOFA no D1 foi de 7 (IQR 4-10. O escore SOFA no grupo dos não-sobreviventes foi maior no D1 (8, IQR 5-11, e aumentou no D3 (9, IQR 6-12. A mortalidade na sepse, sepse grave e choque séptico foi de 16,7%, 34,4% e 65,3%, respectivamente. O tempo médio de internação foi de 15 dias (IQR 5-22. As duas principais fontes de infecção foram o trato respiratório (69% e o abdômen (23,1%. Os bacilos gram-negativos foram mais prevalentes (40,1%. Os cocos gram-positivos foram identificados em 32,8% e as infecções fúngicas em 5%. A ventilação mecânica ocorreu em 82,1% dos casos, uso de cateter de Swan-Ganz em 18,8%, vasopressores em 66,2% e hemotransfusão em 44,7% dos casos. CONCLUSÕES: O estudo evidenciou

  6. Identification and mapping of the nursing diagnoses and actions in an Intensive Care Unit Identificación y mapeo de los diagnósticos y acciones de enfermería en Unidad de Terapia Intensiva Identificação e mapeamento dos diagnósticos e ações de enfermagem em Unidade de Terapia Intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia de Oliveira Salgado

    2011-08-01

    Full Text Available This is a descriptive study with the aim of examining the nursing diagnoses labels and actions prescribed by nurses in the clinical records of patients hospitalized in an Adult Intensive Care Unit. A sample of 44 clinical records was obtained and a total of 1087 nursing diagnoses and 2260 nursing actions were identified. After exclusion of repetitions 28 different nursing diagnoses labels and 124 different nursing actions were found. Twenty-five nursing diagnoses labels were related to human psychobiological needs and three to psychosocial needs. All the nursing actions were mapped to the physiological needs and also to interventions of the Nursing Interventions Classification-NIC. Concordance of 100% was obtained between the experts in the validation process of the mapping performed, both for the nursing diagnoses labels and actions. Similar studies should be conducted for the identification and development of nursing diagnoses and actions.Se trata de un estudio descriptivo con el objetivo de analizar los registros de los títulos de diagnóstico y las acciones de enfermería prescritas por enfermeros en las fichas de pacientes internados en una Unidad de Terapia Intensiva de Adultos. Se obtuvo una muestra de 44 fichas. Se identificaron 1.087 diagnósticos y 2.260 acciones de enfermería. Después de la exclusión de repeticiones se encontró 28 diferentes títulos de diagnóstico y 124 diferentes acciones de enfermería. Veinte y cinco títulos de diagnóstico están relacionados a las necesidades humanas psicobiológicas y tres a las necesidades psicosociales. Todas las acciones de enfermería fueron mapeadas a las necesidades psicobiológicas y también a las intervenciones de la Clasificación de las Intervenciones de Enfermería-NIC. Se obtuvo 100% de concordancia entre los expertos en el proceso de validación del mapeo realizado, tanto de los títulos de diagnóstico como de las acciones de enfermería. Estudios semejantes deben ser

  7. Professional nursing practice: environment and emotional exhaustion among intensive care nurses Ambiente de la práctica profesional y el agotamiento emocional entre enfermeros de terapia intensiva Ambiente da prática profissional e exaustão emocional entre enfermeiros de terapia intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcia Raquel Panunto

    2013-06-01

    Full Text Available OBJECTIVE: to evaluate the characteristics of the professional nursing practice environment and its relationship with burnout, perception of quality of care, job satisfaction and the intention to leave the job in the next 12 months. METHOD: cross-sectional study with a quantitative approach to data. The sample was composed of 129 nurses working in adult Intensive Care Units from a region in the interior of São Paulo, Brazil. RESULTS: The structural equation modeling, using path analysis, revealed that characteristics of the environment influence job satisfaction, perception of quality of care, and having an intention to leave their job, when mediated by emotional exhaustion. Nurses with limited autonomy, poor control over their practice, and poor relationships with physicians, experience a greater level of emotional exhaustion, which can negatively influence their perception of quality of care, job satisfaction and an intention to abandon their jobs. CONCLUSION: the mediating role of emotional exhaustion may negatively influence care delivery. Therefore, there is a need to adopt strategies to minimize this condition among nurses. OBJETIVO: evaluar las características del ambiente de la práctica profesional de los enfermeros y su relación con el burnout, percepción de la calidad del cuidado, satisfacción en el trabajo y la intención de dejar el empleo en los próximos doce meses. MÉTODO: estudio transversal de abordaje cuantitativo de los datos. La muestra fue compuesta por 129 enfermeros de Unidades de Terapia Intensiva de adulto de una región del interior del Estado de Sao Paulo, Brasil. RESULTADOS: el modelaje de ecuaciones estructurales, por medio del análisis de caminos, mostró que las características del ambiente de la práctica influyen en la satisfacción en el trabajo, percepción de la calidad del cuidado y en la intención de dejar el empleo, cuando mediadas por el sentimiento de agotamiento emocional. El enfermero con poca

  8. Grupo de suporte como estratégia para acolhimento de familiares de pacientes em Unidade de Terapia Intensiva Grupo de soporte como estrategia para la contención de familiares de pacientes en Unidad de Terapia Intensiva Support group as embracement strategy for relatives of patients in Intensive Care Unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lizete Malagoni de Almeida Cavalcante Oliveira

    2010-06-01

    Full Text Available Internações em Unidade de Terapia Intensiva (UTI geram necessidades em familiares, nem sempre apropriadamente atendidas. O trabalho objetivou descrever grupo de suporte (GS para acolhimento de familiares de pacientes internados em UTIs, e avaliar sua efetividade para satisfação de suas necessidades de informação/apoio emocional. Pesquisa descritiva desenvolvida em 2006, em Hospital de Goiânia/GO, por meio de sessões do Grupo de Apoio aos Familiares (GRAF, gravadas e registradas em diário de campo para análise do processo grupal, e de entrevistas individuais para avaliar atendimento das necessidades de informações e suporte. O GRAF possibilitou atendimento às necessidades dos familiares, ajudando-os no enfrentamento da internação do parente em UTI. Concluiu-se que GS colaboram para construção da assistência humanizada, possibilitando a superação do olhar historicamente centrado no paciente e na doença. Recomenda-se que os enfermeiros reflitam sobre reorganização da prática e possibilidade de inclusão do GS como estratégia de atendimento às necessidades dos familiares.Las internaciones en la Unidad de Terapia Intensiva (UTI generan necesidades en los familiares, las cuales no siempre son adecuadamente atendidas. El objetivo del estudio fue describir un grupo de soporte (GS para la atención de familiares de pacientes ingresados en UTI y evaluar la efectividad de la satisfacción de sus necesidades de información y apoyo emocional. Investigación descriptiva desarrollada en 2006 en un hospital de Goiânia/Goiás, a través de sesiones del Grupo de Apoyo a los Familiares (GRAF, que fueron grabadas y registradas en un diario de campo para el análisis del proceso grupal, y de entrevistas individuales para evaluar la atención de las necesidades de información y soporte. El GRAF posibilitó la atención de las necesidades de los familiares, ayudándolos a afrontar la internación del pariente en la UTI. Se llegó a la

  9. Expenditure survey on continued veno-venous hemodialysis procedure in the intensive care unit Levantamiento del costo del procedimiento de hemodiálisis vena-venosa continua en unidades de terapia intensiva Levantamento do custo do procedimento de hemodiálise veno-venosa contínua em unidades de terapia intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lígia Maria dal Secco

    2007-12-01

    Full Text Available This study aimed to characterize patients submitted to dialytic treatment with CVVHD in ICUs; monitor procedure time duration; estimate nurses' labor wages and; estimate the direct procedures mean costs. The study was developed in a public teaching hospital located in São Paulo, Brazil. A total of 93 procedures performed in 50 patients composed the sample. The results showed the predominance of male patients (62%; mean age was 60.8 years old; ICU hospitalization time was 19.2 days; 86% of the patients died; 76% of the patients presented acute renal insufficiency and, mean procedure time per patient was 1.9. The mean procedure duration was 26.6 hours. The mean cost of nurses' wages were R$ 592.04 which represented 28.7% of the total cost. The mean total expenditure was R$ 2,065.36 ranging from R$ 733.65 to R$ 6,994.18.El objetivo de este estudio fue identificar características sócio-demográficas de los pacientes sometidos al tratamiento de Hemodiálisis Vena-Venosa Continua (CVVHD en Unidades de Terapia Intensiva (UTIs; identificar el tiempo de duración de los procedimientos; calcular el costo del tiempo de los enfermeros y evaluar el costo promedio directo de los procedimentos. El estudio fue realizado en un hospital escuela público en la ciudad de São Paulo. La muestra fue constituida por 93 procedimientos realizados en 50 pacientes. Los resultados mostraron la predominancia del sexo masculino (62%; la edad promedia fue de 60,8 años; el tiempo promedio de permanencia en la UTI fue de 19,2 días; el 86% evolucionó a óbito y el promedio del número de los procedimientos por paciente fue de 1,9 días. La insuficiencia renal aguda (IRA está presente en el 76% de los pacientes. La duración promedia fue de 26,6 horas. El costo del tiempo del enfermero fue en promedio R$ 592,04 y representó el 28,7% del costo total. El costo total promedio del procedimiento fue de R$ 2.065,36, con variación de R$ 733,65 a R$ 6.994,18.Os objetivos deste

  10. Dificuldades vivenciadas pela equipe multiprofissional na unidade de terapia intensiva Dificultades vividas por el grupo de atención al paciente en la unidad de tratamiento intensivo Difficulties experienced by the patient care team at the intensive care unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Abadia Leite

    2005-04-01

    Full Text Available Trata-se de um estudo de caso com uma abordagem interpretativa, cujo objetivo foi identificar as dificuldades vivenciadas pela equipe multiprofissional que atua na Unidade de Terapia Intensiva. Os dados foram coletados por meio de observações participantes e entrevistas semi-estruturadas com médicos, enfermeiros e auxiliares de enfermagem. Por meio da análise de dados, foram identificadas as categorias: cuidar em terapia intensiva - "é difícil lidar com a morte e informar a família", e cuidar em terapia intensiva - "a falta de recursos materiais e o difícil trabalho em equipe". As dificuldades relatadas estão relacionadas ao contato com os familiares, com o lidar com a morte, com a falta de recursos materiais e, especialmente, com o relacionamento entre os membros da equipe. Os resultados evidenciaram a necessidade de que a equipe promova momentos para reflexão e discussão acerca dos aspectos técnicos, científicos e éticos referentes ao cuidado tanto dos pacientes críticos quanto de seus familiares, tendo em vista a melhoria da qualidade do atendimento e do relacionamento interpessoal.La finalidad de este estudio de caso interpretativo fue identificar las dificultades vividas por un equipo de profesionales que actúa en una Unidad de Tratamiento Intensivo. La compilación de datos fue realizada a través de observación participante y entrevistas semi-estructuradas llevadas a cabo con médicos, enfermeros y auxiliares de enfermería. El análisis reveló las siguientes categorías: cuidar en el tratamiento intensivo: "la ardua tarea de lidiar con la muerte y informar a la familia del paciente" y cuidar en el tratamiento intensivo: "la escasez de recursos materiales y la dificultad de trabajar en equipo". Las dificultades mencionadas se refieren al contacto con la familia, al afrontamiento de la muerte, a la falta de recursos materiales y especialmente a la relación entre los integrantes del equipo. Por consiguiente, el equipo

  11. Alimentação com mamadeira de egressos da unidade de terapia intensiva neonatal: ações da Fonoaudiologia The role of Speech-Language Pathology in bottle feeding infants discharged from intensive care unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ediana Cristina Roquette Loures

    2012-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar retrospectivamente os resultados das orientações fonoaudiológicas sobre aleitamento com mamadeira de lactentes egressos da Unidade de Terapia Intensiva Neonatal. MÉTODOS: Trata-se de um estudo descritivo referente às ações realizadas com lactentes egressos da Unidade de Terapia Intensiva Neonatal que receberam acompanhamento fonoaudiológico. Dos 11 sujeitos participantes, nove eram prematuros, adequados para a idade gestacional, entre 27 e 35 semanas; dois nascidos a termo, um grande e um adequado para a idade gestacional e com diagnóstico de laringomalácia e atresia de jejuno, respectivamente. Foram analisadas as variáveis: modo de aleitamento, recipiente da mamadeira, bico da mamadeira, avaliação e condutas fonoaudiológicas nas duas primeiras consultas dos lactentes. RESULTADOS: Na primeira avaliação todos os lactentes usavam recipientes de mamadeira e bicos selecionados pelas mães. Na segunda avaliação, a maior parte dos utensílios havia sido trocada pelos modelos orientados, mas o posicionamento corporal incorreto e os sinais de desconforto persistiam. As orientações sobre modo de aleitamento foram retomadas. A análise estatística confirmou que a avaliação e as condutas fonoaudiológicas afetaram significativamente na decisão das mães pela troca dos utensílios, com posterior diminuição dos sinais de desconforto pelos lactentes. CONCLUSÃO: O estudo destaca a necessidade da observação minuciosa do fonoaudiólogo no procedimento de aleitamento com mamadeira e do detalhamento das especificidades no cuidado com a alimentação das crianças que saem da Unidade de Terapia Intensiva Neonatal.PURPOSE: To retrospectively analyze the results of speech therapy activities that are part of the monitoring of bottle feeding infants discharged from the Neonatal Intensive Care Unit. METHODS: We conducted a descriptive study regarding the actions carried out with bottle feeding infants from a Neonatal

  12. Percepção dos profissionais sobre o tratamento no fim da vida, nas unidades de terapia intensiva da Argentina, Brasil e Uruguai Perceptions about end of life treatment in Argentina, Brazil and Uruguay intensive care units

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rachel Duarte Moritz

    2010-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar as condutas tomadas nas Unidades de Terapia Intensiva (UTI com os pacientes críticos terminais. MÉTODOS: Os membros do grupo de estudo do final da vida das sociedades Argentina, Brasileira e Uruguaia de Terapia Intensiva elaboraram um questionário no qual constavam avaliações demográficas sobre os participantes, sobre as instituições em que os mesmos trabalhavam e decisões sobre limite de esforço terapêutico (LET. Neste estudo de corte transversal os membros da equipe multiprofissional das sociedades responderam o questionário durante eventos científicos e, via on line. As variáveis foram analisadas através do teste qui-quadrado sendo considerado significativa pABSTRACT OBJECTIVE: To evaluate end-of-life procedures in intensive care units. METHODS: A questionnaire was prepared by the End-of-Life Study Group of the Argentinean, Brazilian and Uruguayan Intensive Care societies, collecting data on the participants’ demographics, institutions and limit therapeutic effort (LTE decision making process. During this cross sectional study, the societies’ multidisciplinary teams members completed the questionnaire either during scientific meetings or online. The variables were analyzed with the Chi-square test, with a p<0.05 significance level. RESULTS: 420 professionals completed the questionnaire. The Brazilian units had more beds, unrestricted visit was less frequent, their professionals were younger and worked more recently in intensive care units, and more non-medical professionals completed the questionnaire. Three visits daily was the more usual number of visits for the three countries. The most influencing LTE factors were prognosis, co-morbidities, and therapeutic futility. In the three countries, more than 90% of the completers had already made LTE decisions. Cardiopulmonary resuscitation, vasoactive drugs administration, dialysis and parenteral nutrition were the most suspended/refused therapies in the three

  13. Critérios de segurança para iniciar a mobilização precoce em unidades de terapia intensiva. Revisão sistemática

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thais Martins Albanaz da Conceição

    Full Text Available RESUMO Pacientes críticos internados em unidade de terapia intensiva devem ser mobilizados com base em critérios de segurança. O objetivo desta revisão foi verificar os critérios de segurança mais utilizados para iniciar a mobilização precoce em pacientes sob ventilação mecânica internados em unidade de terapia intensiva. Os artigos foram pesquisados nas bases de dados PubMed, PEDro, LILACS, Cochrane e CINAHL, tendo sido incluídos ensaios clínicos randomizados e controlados, ensaios clínicos quase randomizados, coortes, estudos comparativos com ou sem controles simultâneos, séries de casos com dez ou mais casos consecutivos, e estudos descritivos. O mesmo foi feito para estudos prospectivos, retrospectivos e transversais, nos quais, em sua metodologia, deveria constar a descrição dos critérios de segurança utilizados para iniciar a mobilização precoce. Dois revisores selecionaram, independentemente, estudos em potencial, de acordo com os critérios de inclusão, extraíram os dados e avaliaram a qualidade metodológica. Na análise dos dados, foi utilizada descrição narrativa para resumir as características e os resultados dos estudos obtidos, sendo os critérios de segurança categorizados nos seguintes subgrupos: cardiovasculares, respiratórios, neurológicos, ortopédicos e outros. Obtivemos 37 estudos elegíveis. O critério de segurança cardiovascular apresentou o maior número de variáveis identificadas. No entanto, o critério de segurança respiratório apresentou maior concordância. Houve maior divergência entre os autores em relação aos critérios neurológicos. Faz-se necessário reforçar o reconhecimento dos critérios de segurança utilizados para segurança da mobilização precoce do paciente crítico, ao mesmo tempo em que os parâmetros e as variáveis encontradas poderão auxiliar na incorporação à rotina dos serviços, com a intenção de iniciar, progredir e guiar a prática clínica.

  14. Caracterização das infecções relacionadas à assistência à saúde em uma Unidade de Terapia Intensiva | Description of Infections Related to Health Care (IRAS of patients in an Intensive Care Unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco Gilberto Fernandes Pereira

    2016-02-01

    Full Text Available Objetivo: Analisar as Infecções Relacionadas à Assistência à Saúde (IRAS de pacientes em Unidade de Terapia Intensiva. Método: Estudo epidemiológico, retrospectivo, realizado em Hospital Universitário de Fortaleza, no período entre 2008 a 2011. Os dados foram coletados por formulário, organizados em tabelas e analisados por meio da estatística descritiva. Resultados: Houve média equilibrada em relação ao sexo e média de idade de 58,3 anos. O tempo de internação e diagnóstico da infecção foi de 21,2 e 11,7 dias, respectivamente. O cateter venoso central foi realizado em 89,3% dos pacientes. A topografia mais incidente foi a respiratória em 48,1%, e a Pseudomonas aeruginosa foi o principal patógeno encontrado em 18,3%. Os antimicrobianos mais utilizados foram os glicopeptídeos, representados pela Vancomicina e Teicoplanina. O desfecho clínico mais frequente foi o óbito em 65,4%. Conclusão: As IRAS no ambiente da terapia intensiva acometem um grande percentual de pacientes, sendo necessário a implementação de estratégias que visem reduzir as estatísticas e promover um ambiente hospitalar seguro. ================================================ Objective: to analyze Infections Related to Health Care (IRAS of patients in an Intensive Care Unit. Method: epidemiological retrospective study conducted at the University Hospital of Fortaleza, between 2008 and 2011. Data were collected, organized in tables, and analyzed using descriptive statistics. Results: equal number of female and male patients; average age of 58.3 years; average length of hospitalization and of diagnosis of infection of 21.2 and 11.7 days, respectively; central venous catheter performed in 89.3% of patients; most frequent topography: respiratory in 48.1% of patients; main identified pathogen: pseudomonas aeruginosa in 18.3% of patients; most used antimicrobials: glycopeptides, represented by vancomycin and teicoplanin; and, most frequent clinical

  15. Mortalidade e o tempo de internação em uma unidade de terapia intensiva cirúrgica Mortalidad y tiempo de internación en una unidad de terapia intensiva quirúrgica Mortality and length of stay in a surgical intensive care unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando José Abelha

    2006-02-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Em cuidados intensivos os resultados podem ser relacionados aos índices de mortalidade ou morbidade. Quando avaliada de forma isolada, a mortalidade é uma medida insuficiente do resultado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI; o tempo de internação pode ser uma medida indireta do resultado relacionado com a morbidade. O objetivo do presente estudo foi avaliar a incidência e os fatores preditivos para mortalidade e tempo de internação dos pacientes admitidos numa UTI cirúrgica. MÉTODO: Participaram deste estudo prospectivo, realizado, entre abril e julho de 2004, todos os 185 pacientes submetidos a procedimentos programados ou de emergência, admitidos numa UTI cirúrgica. Foram registrados os seguintes parâmetros: idade, sexo, altura e peso, temperatura central estado físico segundo a ASA, tipo de intervenção cirúrgica, porte cirúrgico, técnica anestésica, quantidade e qualidade de fluídos administrados durante a anestesia, monitorização da temperatura ou de técnica de aquecimento corporal peri-operatório, duração da anestesia, tempo de permanência na UTI e no hospital e escore SAPS II. RESULTADOS: O tempo médio de internação na UTI foi de 4,09 ± 10,23 dias. Fatores de risco significativos para permanências mais prolongadas na UTI foram o valor do escore SAPS II, estado físico ASA, quantidade administrada, durante a intervenção cirúrgica, de colóides, unidades de plasma fresco e unidades de concentrados de hemáceas. Quatorze pacientes (7,60% morreram durante a internação na UTI e 29 (15,70% morreram durante a internação hospitalar. Fatores de risco independentes de mortalidade com diferença estatística significativa foram intervenções cirúrgicas de emergência, de grande porte, escores altos SAPS II, permanência prolongada na UTI e no hospital. Fatores protetores com diferença estatística significativa para risco de morte hospitalar foram baixo peso corporal e baixo

  16. Tecnologia e humanização na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal: reflexões no contexto do processo saúde-doença Tecnología y humanización en la Unidad de Terapia Intensiva Neonatal: reflexiones sobre el contexto del proceso salud enfermedad Technology and humanization of the Neonatal Intensive Care Unit: reflections in the context of the health-illness process

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Laura Johanson da Silva

    2009-09-01

    Full Text Available Trata-se de reflexão acerca da tecnologia e da humanização do cuidado ao recém-nascido, tendo como preceito teórico o processo saúde-doença. São estabelecidos alguns paralelos entre as concepções de saúde e de doença, e suas influências em nosso modelo de agir e pensar nos espaços da assistência, como sujeitos do cuidado neonatal. O método mãe-canguru é apresentado como tecnologia relacional, que propõe o acolhimento da unidade família-bebê na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal, valorizando as vivências e necessidades primordiais de afetividade e compreensão.Se trata de reflexión acerca de la tecnología y de la humanización del cuidado al recién nacido, teniendo como marco teórico el proceso salud enfermedad. Son establecidos algunos paralelos entre las concepciones de salud y de enfermedad y sus influencias en nuestro modelo de actuar y pensar en los espacios de la asistencia, como sujetos del cuidado neonatal. El método madre canguro es presentado como tecnología relacional que propone el acogimiento de la unidad familia bebé en la Unidad de Terapia Intensiva Neonatal, valorizando las vivencias y necesidades primordiales de afectividad y comprensión.This article reflects on technology and humanization in care of newborns, having as theoretical premise the health-illness process. Some parallels are established among the several conceptions of health and illness, and their influences in the way we behave and think about the care spaces as subjects of the neonatal care. The Kangaroo Mother Care is presented as a relational technology that proposes to shelter the family-baby unity in the Neonatal Intensive Care Unit, valuing experiences and major needs of affection and comprehension.

  17. Nurses' leadership styles in the icu: association with personal and professional profile and workload Estilos de liderazgo de enfermeros en una unidad de terapia intensiva: asociación con el perfil personal, profesional y con la carga de trabajo Estilos de liderança de enfermeiros em unidade de terapia intensiva: associação com perfil pessoal, profissional e carga de trabalho

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre Pazetto Balsanelli

    2009-02-01

    Full Text Available This study aims to explore the association between nurses' leadership styles and personal and professional nursing profile and workload. The sample consisted of seven nurses and seven nursing technicians who were grouped into pairs. At the end of three months, nurses were queried regarding what leadership style would be adopted when the nursing technician under their evaluation delivered care to patients admitted to the ICU. Relevant data was analyzed by applying descriptive statistics, Tukey's multiple comparison test and Student's t-test (p0.05. The determine, persuade, and share leadership styles prevailed. However, whenever the nursing workload peaked, the determine and persuade styles were used (pEste estudio tuvo como objetivos verificar a relación que existe entre los estilos de liderazgo de los enfermeros con el perfil personal, profesional y carga de trabajo de enfermería. La muestra fue constituida por siete enfermeros y siete técnicos de enfermería que formaron parejas. Durante tres meses los enfermeros fueron cuestionados sobre cual sería el estilo de liderazgo adoptado cuando el técnico de enfermería, bajo su evaluación, prestase cuidados a los pacientes admitidos en la Unidad de Terapia Intensiva. Los datos fueron analizados aplicándose estadística descriptiva, el método de comparaciones múltiples de Tukey y la prueba t de Student (0,05. Los estilos de liderazgo: determinar, persuadir y compartir fueron los predominantes, sin embargo, cuando la carga de trabajo de enfermería era mayor, se observaron los estilos determinar y persuadir (pEste estudo teve como objetivos verificar a relação dos estilos de liderança de enfermeiros com perfil pessoal e profissional e carga de trabalho de enfermagem. A amostra foi constituída por sete enfermeiros e sete técnicos de enfermagem que formaram duplas. Durante três meses os enfermeiros foram questionados sobre qual estilo de liderança seria adotado quando o técnico de

  18. O significado cultural atribuído ao centro de terapia intensiva por clientes e seus familiares: um elo entre a beira do abismo e a liberdade El significado cultural atribuido al proceso de hospitalización en centro de terapia intensiva por clientes y sus familiares: un eslabón entre el borde del abismo y la libertad The cultural meaning attributed to the intensive care unit by clients and their parents: a link between abysm border and freedom

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rejane Cussi Assunção Lemos

    2002-06-01

    Full Text Available Este estudo etnográfico teve como objetivo identificar os significados culturais que os clientes admitidos em Centro de Terapia Intensiva e seus familiares atribuem ao processo de hospitalização. Os dados foram coletados mediante a realização de observação participante e entrevistas com 17 sujeitos (clientes e seus familiares, durante a hospitalização. A partir da análise dos dados, surgiram três categorias: 1 CTI, a beira do abismo, um lugar desconhecido e assustador; 2 O elo entre a beira do abismo e a liberdade; 3 A alta do CTI: a liberdade para a vida. O tema central foi: "CTI, um elo entre a beira do abismo e a liberdade". Considerou-se relevante desvelar os significados culturais envolvidos nessa situação, o que poderá subsidiar uma assistência personalizada ao cliente e sua família.Este estudio tiene como objetivo identificar los significados culturales que los clientes admitidos en Centro de Terapia Intensiva (CTI y sus familiares atribuyen al proceso de hospitalización. Los datos fueron recogidos mediante la realización de observación participante y entrevistas con 17 participantes (clientes y sus familiares, durante la hospitalización. Del análisis de los datos emergieron tres categorías principales: 1 CTI, al borde del abismo: un sitio desconocido y asustador; 2 CTI: el eslabón entre el borde del abismo y la libertad; 3 El alta del CTI: la libertad para la vida. El tema central fue: "CTI: un eslabón entre el borde del abismo y la libertad". Se consideró relevante revelar los significados culturales envueltos en esta situación concediendo una asistencia personalizada al cliente y su familia.The purpose of this ethnographic study was to identify the cultural meaning that patients in an intensive care unit and their relatives attribute to the hospitalization process. Data were collected by means of participant observation and interviews with 17 participants (clients and their family, during hospitalization. Data

  19. A distanásia como geradora de dilemas éticos nas Unidades de Terapia Intensiva: considerações sobre a participação dos enfermeiros La distanasia como generadora de dilemas éticos en las Unidades deTerapia Intensiva: algunos aspectos a cerca de lo envolvimiento de los enfermeros Disthanasia as an ethical dilemma at the Intensive Care Units: considerations about nurses involvement

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Cecilia Toffoletto

    2005-09-01

    Full Text Available A distanásia apresenta-se como uma das fontes geradoras de dilemas éticos nas Unidades de Terapia Intensiva (UTI. Discute-se o contexto que favorece a prática da distanásia nesse ambiente, com ênfase na utilização excessiva do suporte tecnológico. Tecemos comentários sobre a participação dos familiares e profissionais envolvidos, principalmente médicos e enfermeiros, considerando-se o papel sócio-profissional atribuído a cada um. Pretende-se com as considerações apresentadas, fornecer subsídios para a reflexão do tema, com vistas a uma participação mais ativa dos enfermeiros de UTI nos dilemas éticos relacionados à distanásia.La distanasia se presenta como una de las fuentes generadoras de los dilemas éticos en las Unidades de Terapia Intensiva (UTI Discute el contexto que favorece la práctica de la distanasia en este ambiente, con énfasis en la utilización excesiva del arsenal tecnologico. Además de los comentarios sobre la posición de los familiares y de los profesionales involucrados, principalmente los médicos y enfermeros, se consideró el papel socio-profesional que se atribuye a cada uno. Para finalizar, los profesionales del area son estimulados a refletir sobre el tema y los enfermeros a participar de manera más activa en las discusiones de los dilemas éticos relacionados a la distanasia.Disthanasia is conceptualized and presented as an ethical dilemma in Intensive Care Units (ICU. The context favoring the disthanasia practice on this environment focusing the excessive use of technological devices will be discussed. The study will approach the family, physician and nurse’s participation in the situations, considering the social and professional role of each one. This study aims to provide support for healthcare professionals to reflect on this subject, aiming the nurse’s more effective participation on ethical dilemmas related to disthanasia.

  20. Sistematização da Assistência de Enfermagem em Unidade de Terapia Intensiva Sistematización de la Asistencia de Enfermería en Unidad de Terapía Intensiva Systematization of Nursing Assistance in Critical Care Unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thiago Christel Truppel

    2009-04-01

    Full Text Available Trata-se de uma pesquisa metodológica, cujo objetivo foi reestruturar a Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI. Realizaram-se neste estudo as seguintes etapas: descrição da prática de enfermagem; transcrição dos diagnósticos; construção do protocolo de diagnósticos baseado na classificação internacional para a prática de enfermagem (CIPE; determinação das prescrições e construção de normas, rotinas e procedimentos. Caracterizou-se a prática da enfermagem em UTI e a complexidade do cuidado ao paciente crítico. Assim, compreende-se a SAE como um instrumento valioso de valorização da prática da Enfermagem.Tratase de una investigación metodologica, cuyo objetivo ha sido reestructurar la sistematización de assistência de enfermería en una unidad de terapia intensiva. Las siguientes etapas fueron realizadas en este estudio: descripción del los diagnósticos de enfermería, construcción del protocolo basado en la Clasificación Internacional para la Práctica de Enfermería (CIPE, determinación de prescripciones y construcción de reglas, rutinas e procedimientos. La práctica de enfermería y la complejidad de la asistencia a pacientes críticos en UTI fueron caracterizadas. Así, la sistematización de la asistencia de enfermería es comprendida cómo un instrumento de valoración de la práctica de enfermeria.This is a methodological research, which aimed at organizing the systematization of nursing assistance in a critical care unit. The following steps were carried out: description of the nursing practice; transcription of nursing diagnoses; elaboration of a protocol for nursing diagnosis based in International Classification for Nursing Practice (ICNP; determination of nursing prescriptions and the elaboration of guidelines for care and procedures. The nursing practice and care complexity in ICU were characterized. Thus, systematization of nursing assistance is

  1. Prevalência e significância clínica de interações fármaco-nutrição enteral em Unidades de Terapia Intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriano Max Moreira Reis

    2014-01-01

    Full Text Available Estudo multicêntrico, transversal e retrospectivo, que objetivou determinar a prevalência de interações fármaco-nutrição enteral (NE em Unidades de Terapia Intensiva (UTI de sete hospitais de ensino do Brasil, e analisar a significância clínica das mesmas. Foram coletadas informações sobre medicamentos e NE administrados com 24 horas e 120 horas de internação. Para identificação das interações fármaco-NE empregou-se o software Drug Reax®. Foram investigados 1.124 prontuários. Destes, 320 pacientes, com 24 horas de internação, estavam em uso de NE, sendo que 20 (6,3% apresentaram interação fármaco-NE. Dos 504 pacientes, com 120 horas de internação, 39 (7,7% apresentaram interação fármaco-NE. As potenciais interações fármaco-NE mais frequentes foram: fenitoína-NE, levotiroxina-NE e varfarina-NE. As interações fármaco-NE podem interferir na qualidade e no custo da assistência prestada em UTI e, desta forma, é essencial que a equipe de saúde tenha conhecimento sobre as mesmas.

  2. Caracterização dos pacientes em uso de drogas vasoativas internados em unidade de terapia intensiva Patients’ characterization in use of vasoactive drugs hospitalized in intensive care unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elizabeth Mesquita Melo

    2016-07-01

    Full Text Available Objetivo: Caracterizar o paciente internado em unidade de terapia intensiva (UTI em uso de drogas vasoativas (DVA. Métodos: Estudo descritivo, retrospectivo, abordagem quantitativa, com 85 pacientes internados na UTI de um hospital municipal, em Fortaleza-Ceará. Coleta dos dados realizada em março e abril de 2011, pela consulta ao relatório de enfermagem. Resultados: 55,3% eram do sexo feminino, com média de idade de 70 anos. O diagnóstico mais comum foi o acidente vascular encefálico (29,4%, seguido das pneumopatias (23,5%; 89,4% necessitaram de suporte ventilatório invasivo, 98,9% usaram sonda nasogástrica e 92,9% sonda vesical de demora; 92,9 % utilizaram acesso venoso central e 90,6% fizeram uso de antibióticos. Quanto aos níveis pressóricos, apenas 4,9% apresentaram normalidade; a noradrenalina foi a DVA mais utilizada (67,1% seguida da dopamina (35,3%; 64,7% evoluíram para óbito. Conclusão: O paciente grave apresenta especificidades que exigem conhecimento da equipe de enfermagem para uma assistência de qualidade.

  3. Limitação de suporte de vida em três unidades de terapia intensiva pediátrica do sul do Brasil Life support limitation at three pediatric intensive care units in Southern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia M. Lago

    2005-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar os modos de morte e fatores associados à limitação de suporte de vida em três unidades de terapia intensiva pediátrica do sul do Brasil. MÉTODO: Estudo transversal e retrospectivo em que foram revisados todos os óbitos ocorridos em 2002 em três unidades de terapia intensiva pediátrica de referência de Porto Alegre por uma equipe de pesquisadores treinados para esse fim. Foram avaliadas as características gerais, o modo de morte (ressuscitação cardiopulmonar, morte encefálica, ordem de não reanimar, não oferta e retirada de suporte vital - esses três últimos agrupados em limitação de suporte de vida, o tempo de internação - hospitalar e na unidade de terapia intensiva pediátrica -, o plano de final de vida e a participação da família nessa decisão. Para as comparações, foram utilizados o teste t de Student, Mann Whitney, qui-quadrado, odds ratio e análise multivariada. RESULTADOS: Aproximadamente 53,3% dos óbitos receberam ressuscitação cardiopulmonar. A incidência de limitação de suporte de vida foi de 36,1%, havendo diferença significativa (p = 0,014 entre os hospitais (25 versus 54,3 e 45,5%. A forma de limitação de suporte de vida mais freqüente foi "ordem de não reanimar" (70%. Observou-se associação entre limitação de suporte de vida com presença de doença crônica (odds ratio = 8,2; IC95% = 3,2-21,3 e tempo de internação na unidade de terapia intensiva pediátrica > 24h (odds ratio = 4,4; IC95% = 1,6-11,8. A participação da família e dos comitês de ética no plano de final de vida foi inferior a 10%. CONCLUSÕES: A ressuscitação cardiopulmonar ainda é oferecida em uma freqüência maior do que a descrita nos países do hemisfério norte, enquanto que a limitação de suporte vital é realizada preferentemente através da ordem de não reanimar. Esses achados e a pequena participação da família refletem dificuldades em relação às decisões de final de vida

  4. The family member in the pediatric intensive care unit: a developer needs context O Familiar na Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica: um contexto revelador de necessidades

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisca Georgina Macedo Sousa

    2015-12-01

    Full Text Available Objetivo: compreender as necessidades dos familiares de crianças internadas em UTI Pediátrica. Método: estudo descritivo qualitativo apoiado na análise temática com dados coletados por entrevistas não estruturadas tendo como sujeitos oito familiares de crianças internadas em UTI Pediátrica de hospital de referência no Estado do Maranhão. Resultados: revelados 11 temas agrupados em cinco necessidades (segurança e conforto; emocionais; comunicação; adaptação e suporte. Conclusão: o adoecimento e a hospitalização aliados ao atendimento de necessidades de familiares revelou um fosso entre um sistema centrado na doença e o centrado na pessoa que englobaram o campo físico, emocional, espiritual e financeiro do familiar acompanhante. Essa perspectiva demanda ampliação do foco para além da doença alcançando a família e suas necessidades. Assim, os profissionais da UTI deverão desenvolver habilidades e competências para identificar e suprir tais necessidades, rompendo com a fragmentação do cuidado e sugerem encontro que envolve o contexto, a criança e a família.Descritores: Enfermagem; Família; Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica.

  5. Transfusão de hemácias em terapia intensiva: controvérsias entre evidências Red blood cell transfusion in the intensive care setting: controversies amongst evidence

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rubens Carmo Costa Filho

    2009-08-01

    Full Text Available A anemia é um problema prevalente nas unidades de terapia intensiva. Ela surge nos primeiros dias e pode sustentar-se, ou agravar-se, durante a internação. A etiologia normalmente é multifatorial. A transfusão de hemácias é a intervenção mais comumente utilizada para combatê-la. Aproximadamente 12 milhões de unidades de sangue são utilizadas para transfusões nos Estados Unidos, sendo 25% a 30% dentro das terapias intensivas. A maior segurança com a diminuição das infecções provocadas por transfusões permitiu uma ampliação de indicações clínicas. No entanto, a terapia transfusional está associada a outros efeitos adversos, como infecções nosocomiais, comprometimento imunológico, injúria pulmonar, reações hemolíticas e aumento da incidência de câncer. Alguns trabalhos já tentaram demonstrar associação entre a correção da anemia, mortalidade e morbidade, entretanto a literatura ainda não alcançou um consenso. Atualmente, uma das propostas de segurança da Organização Mundial de Saúde é a redução de transfusões potencialmente desnecessárias, promovendo uma postura de transfusão racional. Esta revisão narrativa pretende abordar como objetivo primário as controvérsias referentes ao limiar transfusional, de acordo com estudos recentes, e como objetivos secundários citar aspectos da anemia iatrogênica e da variabilidade de atitudes entre intensivistas para a implementação das melhores práticas relativas à transfusão. Não faz parte de nossos objetivos discutir as complicações transfusionais, embora tenham sido mencionadas. Foi feita busca em fontes eletrônicas da literatura médica (PubMed - Clinical Queries, e UpToDate versão 16.2 e consulta adicional em livros texto Mostrou-se que a prática transfusional ainda é extremamente variada dentro das terapias intensivas. São escassas as evidências de que a hemotransfusão de rotina em pacientes não-hemorrágicos deva ser aplicada naqueles

  6. Composição da equipe de enfermagem em Unidades de Terapia Intensiva Composición del equipo de enfermería en Unidades de Cuidados Intensivos Composition of the nursing staff in Intensive Care Units

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcia Galan Perroca

    2011-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever a composição e distribuição da equipe de enfermagem em Unidades de Terapia Intensiva (UTI. METODO: Estudo descritivo, exploratório, realizado em 17 UTIs de seis instituições hospitalares localizadas na Região Noroeste do Estado de São Paulo. RESULTADOS: Foram encontrados, em média, os seguintes percentuais: 13,1% de enfermeiros, 11,2% técnicos e 75,7% auxiliares de enfermagem. A relação enfermeiro/leito apresentou variação de 0,08 a 0,80 (Md 0,31(0,27;0,41 e a enfermagem/leito de 1,36 a 4,0 (Md 2,45(1,62;2,91. CONCLUSÃO: a composição quanti-qualitativa da equipe de enfermagem nas Unidades de Terapia Intensiva investigadas não se encontra em concordância com os valores recomendados pelo Conselho Federal de Enfermagem (COFEN, no que ser refere a pacientes críticos.OBJETIVO: Describir la composición y distribución del equipo de enfermería en Unidades de Cuidados Intensivos (UCI. METODO: Estudio descriptivo, exploratorio, realizado en 17 UCIs de seis instituciones hospitalarias localizadas en la Región Nor Oeste del Estado de Sao Paulo. RESULTADOS: Fueron encontrados, en promedio, los siguientes porcentajes: 13,1% de enfermeros, 11,2% de técnicos y 75,7% auxiliares de enfermería. La relación enfermero/cama presentó variación de 0,08 a 0,80 (Md 0,31(0,27;0,41 y la enfermería/cama de 1,36 a 4,0 (Md 2,45(1,62;2,91. CONCLUSION: la composición cuanti-cualitativa del equipo de enfermería en las Unidades de Cuidados Intensivos investigadas no se encuentra en concordancia con los valores recomendados por el Consejo Federal de Enfermería (COFEN, en lo que se refiere a pacientes críticos.OBJECTIVE: To describe the composition and distribution of nursing staff in the Intensive Care Unit (ICU. METHOD: This exploratory study was conducted in 17 ICUs within six hospitals located in the northwestern region of São Paulo. RESULTS: We found on average the following percentages: 13.1% professional nurses

  7. As cores no ambiente de terapia intensiva: percepções de pacientes e profissionais Los colores en el ambiente de cuidados intensivos: percepciones de pacientes y profesionales Colors in the intensive therapy environment: perceptions of patients and professionals

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nélio Barbosa Boccanera

    2006-09-01

    Full Text Available A utilização das cores no ambiente da Unidade de Terapia Intensiva - UTI pode interferir no bem-estar dos profissionais e clientes. Este estudo teve como objetivo analisar percepções de profissionais e pacientes quanto às cores utilizadas no ambiente de terapia intensiva, identificando aquelas consideradas agradáveis e desagradáveis. Trata-se de pesquisa descritivo-exploratória, com enfoque quanti-qualitativo. A amostra foi constituída de clientes internados e profissionais que trabalham em três UTIs de hospitais públicos localizados em Goiânia. As cores consideradas mais agradáveis para serem utilizadas em UTI foram o azul-claro e o verde-claro. Além dessas, apontaram o amarelo-claro, palha, cinza, rosa e goiaba. O vermelho e o preto foram consideradas as cores mais desagradáveis para um ambiente de UTI. Os profis-sionais e clientes referem preferência por cores variadas, as quais podem ser utilizadas no sentido de melhorar o clima da UTI.La utilización de los colores en el ambiente de la Unidad de Cuidados Intensivos - UCI puede interferir en el bienestar de los profesionales y clientes. En este estudio se tuvo como objetivo analizar las percepciones de profesionales y pacientes en cuanto a los colores utilizados en el ambiente de cuidados intensivos, identificando aquellas consideradas agradables y desagradables. Se trata de una investigación descriptivo-exploratoria, con enfoque cuanti-cualitativa. La muestra estuvo constituida de clientes internados y de profesionales que trabajan en tres UCIs de hospitales públicos localizados en Goiânia. Los colores considerados más agradables para ser utilizadas en UCI fueron el celeste y el verde claro. Además de ellos, señalaron el amarillo, paja, gris, rosado y guayaba. El rojo y el negro fueron considerados los colores más desagradables para un ambiente de UCI. Los profesionales y clientes refirieron preferencia por colores variados, los cuales pueden ser utilizados en el

  8. Nível de ruído em unidade de terapia intensiva neonatal Nivel de ruido en una unidad de cuidados intensivos neonatal Noise level in neonatal intensive care unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tereza Yoshiko Kakehashi

    2007-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar o nível de ruído da Unidade de Terapia Intensiva Neonatal e identificar suas fontes. MÉTODOS: Estudo quantitativo, descritivo e exploratório, conduzido em uma Unidade de Terapia Intensiva Neonatal de São Paulo. A coleta de dados ocorreu de abril a maio de 2005, utilizando um dosímetro para 96 horas de registro do nível de pressão sonora e 9 horas de observação, para identificar as fontes de ruído. RESULTADOS: Registrou-se Leq entre 61,3 a 66,6 dBA, sendo maior nos dias do final de semana. Os valores dos picos variaram de 90,8 a 123,4 dBC, sendo mais elevados no período noturno. As principais fontes foram: alarme dos ventiladores, dos oxímetros, conversa entre profissionais e pais e outros. CONCLUSÃO: Considerando os efeitos deletérios do nível elevado de ruído sobre neonatos e equipe de saúde, os resultados demonstram a necessidade de intervenções em algumas rotinas e na conduta dos profissionais e familiares.OBJETIVO: Verificar el nivel de ruido de la Unidad de cuidados Intensivos Neonatal (UCIN e identificar sus fuentes. MÉTODOS: Fue conducido en una Unidade de Cuidados Intensivos Neonatal de Sao Paulo. Se trata de un estudio cuantitativo, descriptivo y exploratorio. La recolección de datos ocurrió de abril a mayo del 2005, utilizando un dosímetro para 96 horas de registro del nivel de presión sonora y 9 horas de observación, para identificar las fuentes del ruido. RESULTADOS: Se registró Leq entre 61.3 a 66,6 dBA, siendo mayor en los días del final de semana. Los valores de los picos variaron de 90,8 a 123,4 dBC, siendo más elevados en el período nocturno. Las principales fuentes fueron: alarma de los ventiladores, de los oxímetros, conversación entre profesionales y padres y otros. CONCLUSIÓN: Considerando los efectos deletérios del nivel elevado de ruído sobre neonatos y el equipo de salud, los resultados demuestran la necesidad de intervenciones en algunas rutinas y en la conducta de

  9. Perfil das admissões em uma unidade de terapia intensiva obstétrica de uma maternidade brasileira Admission profile in an obstetrics intensive care unit in a maternity hospital of Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Melania Maria Ramos de Amorim

    2006-05-01

    Full Text Available OBJETIVOS: descrever a experiência de três anos com terapia intensiva em obstetrícia em Unidade de Terapia Intensiva em setor que permite que obstetras continuem conduzindo as pacientes obstétricas criticamente enfermas. MÉTODOS: estudo avaliando 933 pacientes atendidas na UTI obstétrica do Instituto Materno Infantil Prof. Fernando Figueira (IMIP de setembro de 2002 a fevereiro de 2005. As variáveis foram idade, paridade, diagnóstico de admissão, época da admissão, diagnósticos e complicações durante o internamento, procedimentos invasivos empregados e resultado final. RESULTADOS: as três principais causas de internamento foram hipertensão (87%, hemorragia obstétrica (4,9% e infecção (2,1%. A idade média foi 25 anos e 65% dos partos, cesarianas. Anemia foi achado freqüente (58,4%. Outros diagnósticos: insuficiência renal, doença tromboembólica, cardiopatia, edema agudo de pulmão, sepse, choque hemorrágico. Das 814 pacientes admitidas com hipertensão associada à gestação, 65% tinham pré-eclâmpsia grave, 16% pré-eclâmpsia leve e 11% eclâmpsia. Síndrome HELLP ocorreu em 46%. Ventilação mecânica foi necessária em 3,6% e hemotransfusão em 17%. A duração média do internamento foi cinco dias (1-41. A taxa de óbito foi 2,4%. CONCLUSÕES: a taxa de morte foi relativamente baixa, sugerindo que uma UTI conduzida por obstetras pode ser uma estratégia factível para reduzir a mortalidade materna.OBJECTIVES: to describe a three-year experience with obstetric Intensive Care Units (ICU, a unit allowing obstetricians to continue to care for critically ill obstetrics patients. METHODS: the study evaluated all admissions (933 to the Obstetric ICU, in the Instituto Materno Infantil Prof. Fernando Figueira (IMIP, from September 2002 to February 2005. Age, parity, diagnosis, admission time, diagnosis during ICU stay, associated complications, invasive procedures utilized, and final outcome were analyzed. RESULTS

  10. Validação Concorrente de Escores de Enfermagem (NEMS e TISS-28 em terapia intensiva pediátrica Concurrent Validation of Nursing Scores (NEMS and TISS-28 in pediatric intensive care

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Simone Travi Canabarro

    2013-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Examinar a validade concorrente do escore Nine Equivalents of Nursing Manpower Use Score (NEMS em comparação ao Therapeutic Intervention Scoring System-28 (TISS-28 em uma Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica (UTIP. MÉTODOS: Estudo de coorte prospectivo observacional, realizado na UTIP de um hospital universitário brasileiro, no período de dois anos, com uma amostra de 816 pacientes. Foram realizadas 7.702 observações de cada um dos escores. RESULTADOS: A média da pontuação máxima do NEMS foi 26,6±9,2 e do TISS-28 21,3±8,2. Em todas as médias, o TISS-28 foi inferior ao NEMS (pOBJECTIVE: Examine the concurrent validity of the Nine Equivalents of Nursing Manpower Use Score (NEMS in comparison to the Therapeutic Intervention Scoring System-28 (TISS-28 in a Pediatric Intensive Care Unit (PICU. METHODS: Prospective observational cohort study conducted in a PICU of a Brazilian university hospital over a period of two years with a sample of 816 patients. A total of 7,702 observations were obtained for each of the scores. RESULTS: The average maximum score of the NEMS was 26.6±9.2 and for the TISS-28 it was 21.3±8.2. The TISS-28 was lower than the NEMS (p<0.001 for all the averages. A good correlation was observed between them (r2=0.704 for all observations. Agreement between the TISS-28 and the NEMS was good, presenting only a 6.2% difference between the scores. CONCLUSION: The results show good correlation and agreement between the TISS-28 and the NEMS, enabling the NEMS validation in this population of pediatric patients.

  11. Critérios fonoaudiológicos para indicação de via alternativa de alimentação em unidade de terapia intensiva em um hospital universitário

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Priscila Carneiro Barroqueiro

    Full Text Available RESUMO Objetivo: identificar os critérios utilizados para indicação de via alternativa de alimentação para pacientes internados em unidade de terapia intensiva em um hospital universitário. Métodos: estudo transversal, retrospectivo, quantitativo e descritivo. Foram levantados os protocolos dos pacientes que tiveram via alternativa de alimentação indicada por fonoaudiólogo no período entre janeiro e dezembro de 2014. Os dados foram tabulados utilizando-se o programa Microsoft Excel. Para a análise estatística foi utilizado o programa STATA 12.0, por meio do qual foram estimadas médias e desvios-padrão ou medianas, respectivamente. Resultados: dos 25 participantes, 76% encontravam-se com nível de consciência alterado. Apesar disto, 52% destes tiveram dieta prescrita por médico. 24% tinham alteração de linguagem, 52%, de fonoarticulação e 44%, de voz. Somente oito pacientes tiveram condições de ser avaliados com oferta dieta oral. O critério utilizado para indicação de via alternativa de alimentação com maior frequência foi a alteração do nível de consciência. Conclusão: este estudo corrobora com outros já realizados apontando alteração do nível de consciência como fator de risco para disfagia. Ressalta-se a importância do fonoaudiólogo no ambiente hospitalar de modo a detectar precocemente os pacientes que necessitam de intervenção.

  12. Fatores que tornam estressante o trabalho de médicos e enfermeiros em terapia intensiva pediátrica e neonatal: estudo de revisão bibliográfica Factors that cause stress in physicians and nurses working in a pediatric and neonatal intensive care unit: bibliographic review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Monalisa de Cássia Fogaça

    2008-09-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Revisão de literatura sobre estresse ocupacional e síndrome de burnout em médicos e enfermeiros que trabalham em unidade de terapia intensiva pediátrica e neonatal. MÉTODOS: Os artigos foram identificados a partir das bases de dados MedLine, LILACS e SciElo, usando as palavras-chave estresse, burnout, médicos, enfermagem, unidade de terapia intensiva, unidade de cuidados intensivos pediátricos e unidades de cuidados intensivos neonatais. O período pesquisado foi de 1990 a 2007. RESULTADOS: Médicos e enfermeiros que trabalham em unidade de terapia intensiva pediátrica e neonatal são candidatos a apresentarem estresse, alterações psicológicas e síndrome de Burnout. Pesquisas sobre o tema identificaram alterações importantes que acometem médicos e enfermeiros intensivistas: sobrecarga de trabalho, burnout, desejo de abandonar o trabalho e níveis elevados de cortisol entre outros fatores. CONCLUSÕES: Os profissionais que trabalham em unidade de terapia intensiva pediátrica e neonatal , pela especificidade do seu trabalho, estão expostos ao risco do estresse ocupacional e, conseqüentemente ao Burnout. Estes dados sugerem a necessidade de serem feitas pesquisas, com o objetivo de desenvolver medidas preventivas e modelos de intervenção.OBJECTIVES: Bibliographic review on occupational stress and burnout presence in physicians and nurses that work in pediatric and neonatal intensive care units. METHODS: The articles were selected from the MedLine, LILACS and SciElo data base using the key words: stress, burnout, physicians, nursing, intensive care unit, pediatric intensive care unit and neonatal intensive care unit. The studied period ranged from 1990 to 2007. RESULTS: Health professionals who work in pediatric and neonatal intensive care units are strong candidates for developing stress, psychological alterations and burnout syndrome. Researches on this subject identified important alterations suffered by these

  13. Ângulo de fase derivado de bioimpedância elétrica em pacientes sépticos internados em unidades de terapia intensiva Bioelectrical impedance phase angle in septic patients admitted to intensive care units

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marina Carvalho Berbigier

    2013-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar valores de ângulo de fase em pacientes sépticos, por meio de bioimpedância elétrica, buscando associação com variáveis clínicas e bioquímicas, bem como comparação com valores de ângulo de fase de referência. MÉTODOS: Estudo de coorte, com 50 pacientes sépticos, idade ≥18 anos, internados em unidade de terapia intensiva, avaliados quanto a índices prognósticos (APACHE II e SOFA, evolução clínica (mortalidade, gravidade da sepse e tempo de internação na unidade de terapia intensiva, parâmetros bioquímicos (albumina e proteína C-reativa e ângulo de fase. RESULTADOS: A média de idade dos pacientes estudados foi de 65,6±16,5 anos, a maioria do gênero masculino (58% e apresentando choque séptico (60%. A média dos escores APACHE II e SOFA foi de 22,98±7,1 e 7,5±3,4, respectivamente, o tempo de internação na unidade de terapia intensiva dos pacientes que sobreviveram foi de 9 dias (5 a 13 e a taxa de mortalidade foi de 30%. A média do ângulo de fase da amostra total foi de 5,4±2,6° e menor no gênero feminino (p=0,01. Não houve associação entre ângulo de fase e a gravidade da sepse, mortalidade, gênero e idade, assim como não houve correlação entre ângulo de fase, tempo de internação e parâmetros bioquímicos. Comparativamente a dados em população saudável, os valores de ângulo de fase, a depender da idade e gênero, apresentaram-se 1,1 a 1,9 vezes inferiores. CONCLUSÃO: O ângulo de fase médio de pacientes sépticos foi inferior aos valores referência para população saudável, não havendo correlação e associação com as variáveis clínicas e bioquímicas, o que poderia ser atribuído a homogeneidade da amostra.OBJECTIVE: To calculate the values of the phase angle of septic patients using bioelectrical impedance analysis, correlate the values with clinical and biochemical variables, and compare them to reference values. METHODS: Cohort study conducted with 50 septic

  14. Comparação entre dois escores de prognóstico (PRISM e PIM em unidade de terapia intensiva pediátrica Comparison of two prognostic scores (PRISM and PIM at a pediatric intensive care unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanessa Feller Martha

    2005-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar o desempenho do PRISM (Pediatric Risk of Mortality e o PIM (Pediatric Index of Mortality em uma unidade de terapia intensiva pediátrica geral investigando a relação existente entre a mortalidade e a sobrevivência observadas com a mortalidade e sobrevivência estimadas pelos dois escores. MÉTODOS: Estudo de coorte contemporâneo realizado entre 1° de junho de 1999 a 31 de maio de 2000 na unidade de terapia intensiva pediátrica do Hospital São Lucas da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Os critérios de inclusão no estudo e o cálculo do PRISM e do PIM foram feitos conforme preconizado e utilizando as fórmulas de seus artigos originais. Para estatística, utilizou-se o teste z de Flora, teste de ajuste de Hosmer-Lemeshow, área sob a curva típica de um recebedor operador de características (curva ROC e teste de correlação de Spearman. O estudo foi aprovado pelo Comitê da instituição. RESULTADOS: Internaram na unidade de terapia intensiva pediátrica 498 pacientes, sendo 77 excluídos. Dos 421 pacientes estudados, 33 (7,83% foram a óbito. A mortalidade estimada pelo PRISM foi de 30,84 (7,22%, com standardized mortality rate 1,07 (0,74-1,50, z = -0,45. Pelo PIM, foi de 26,13 (6,21%, com standardized mortality rate 1,26 (0,87-1,77, z = -1,14. O teste de ajuste de Hosmer-Lemeshow obteve um qui-quadrado 9,23 (p = 0,100 para o PRISM e 27,986 (p OBJECTIVE: To compare the performance of the PRISM (Pediatric Risk of Mortality and the PIM (Pediatric Index of Mortality scores at a general pediatric intensive care unit, investigating the relation between observed mortality and survival and predicted mortality and survival. METHODS: A contemporary cohort study undertaken between 1 June 1999 and 31 May 2000 at the Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Hospital São Lucas pediatric intensive care unit. The inclusion criteria and the PRISM and PIM calculations were performed as set out

  15. Using the braden and glasgow scales to predict pressure ulcer risk in patients hospitalized at intensive care units Uso de la escala de braden y de glasgow para identificar el riesgo de úlceras de presión en pacientes internados en un centro de terapia intensiva Uso da escala de braden e de glasgow para identificação do risco para úlceras de pressão em pacientes internados em centro de terapia intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Magnani Fernandes

    2008-12-01

    Full Text Available Pressure ulcers remain a major health issue for critical patients. The purpose of this descriptive and exploratory study was to analyze the risk factors for the development of pressure ulcers in patients hospitalized at an intensive care unit of a university hospital. Patients were assessed through the Braden scale to determine the risk for the development of pressure ulcers and to identify individual risks, and the Glasgow scale was used to assess their consciousness. It was found that the risks associated with pressure ulcer development were: low scores on the Braden Scale on the first hospitalization day and low scores on the Glasgow scale. The results showed that these tools can help nurses to identify patients at risk, with a view to nursing care planning.Las ulceras de presión todavía representan un gran problema de salud en pacientes críticos. Este estudio, descriptivo y exploratorio, tuvo como objetivo evaluar los factores de riesgo para el desarrollo de la úlcera de presión presentes en pacientes internados en un centro de terapia intensiva de un hospital universitario. Los pacientes fueron evaluados utilizando la escala de Braden para determinar el riesgo de desarrollo de úlceras de presión e identificación de factores de riesgo individuales y con la escala de Glasgow para evaluar el nivel de conciencia. Se encontró que los factores de riesgo asociados al desarrollo de úlcera de presión fueron: las bajas puntuaciones de la Escala de Braden en el primer día de internación y las bajas puntuaciones de la escala de Glasgow. Los resultados confirmaron que estos instrumentos pueden ayudar al enfermero a identificar pacientes en riesgo y a planificar la asistencia.Úlceras de pressão ainda representam grande problema de saúde em pacientes críticos. Este estudo, descritivo e exploratório, objetivou avaliar os fatores de risco para o desenvolvimento de úlcera de pressão presentes em pacientes internados em um centro de

  16. Investigação da técnica de preparo de medicamentos para administração por cateteres pela enfermagem na terapia intensiva Investigación de técnicas de preparación de medicamentos administrados vía catéteres por enfermeros en terapia intensiva Research on preparation techniques for drugs administered through catheters by intensive care nursing

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina de Deus Lisboa

    2013-02-01

    Full Text Available Esta pesquisa teve como objetivo identificar a forma farmacêutica dos medicamentos preparados para serem administrados por cateteres e o perfil dos erros cometidos durante o preparo. Trata-se de estudo epidemiológico transversal, de natureza observacional, conduzido em uma unidade de terapia intensiva com amostra de 350 doses de medicamentos preparados por 56 técnicos de enfermagem. A coleta de dados ocorreu no mês de março de 2010. Os resultados mostram que 92% dos medicamentos eram sólidos. Os erros foram agrupados nas categorias diluição e mistura para formas líquidas, acrescidos de trituração para sólidos. As taxas de erro foram superiores a 40% em todas as categorias. Concluiu-se que: a trituração indevida pode ter comprometido o resultado terapêutico em comprimidos revestidos e de liberação controlada; não diluir xaropes pode ter contribuído para a obstrução de cateteres; misturar medicações ao triturá-las pode aumentar o risco de interações farmacêuticas.Se apuntó a identificar la forma farmacéutica de los medicamentos preparados para ser administrados vía catéter y el perfil de errores cometidos durante la preparación. Estudio epidemiológico transversal, de tipo observacional, desarrollado en unidad de terapia intensiva sobre muestra de 350 dosis de medicamentos preparados por 56 técnicos de enfermería. Datos recolectados en marzo de 2010. Los resultados expresan que 92% de los medicamentos eran sólidos. Los errores se agruparon en las categorías: dilución y mezcla para formas líquidas, agregados de trituración para sólidos. Las tasas de errores superaron el 40% en todas las categorías. Se concluye en que: la trituración inapropiada pudo comprometer el resultado terapéutico con comprimidos revestidos y de liberación controlada; no diluir jarabes pudo haber ayudado a obstruir catéteres, y mezclar medicamentos al triturarlos puede aumentar el riesgo de interacciones medicamentosas.The goals of

  17. Evaluation of Intensivist-Nurses’ Knowledge Concerning Medication Administration Through Nasogastric and Enteral Tubes Evaluación del conocimiento del enfermero de terapia intensiva sobre administración de medicamentos por sonda nasogástrica y nasoentérica Avaliação do conhecimento do enfermeiro de unidade de terapia intensiva sobre administração de medicamentos por sonda nasogástrica e nasoenteral

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Lurdemiler Sabóia Mota

    2010-10-01

    administrados por sonda y el conocimiento de los enfermeros sobre el tema.O estudo objetivou avaliar o conhecimento do enfermeiro de unidade de terapia intensiva sobre as recomendações para a correta administração de medicamentos, por sondas nasogástrica e nasoenteral. Estudo exploratório-descritivo, com abordagem quantitativa, realizado com 49 enfermeiros em uma unidade de terapia intensiva de um hospital terciário, localizado na cidade de Fortaleza, no Estado do Ceará, Brasil. Dos enfermeiros, 36,7% relataram não dar atenção às formas farmacêuticas disponibilizadas pelo setor de farmácia na hora da utilização por sonda. O pilão de metal, madeira ou plástico foi o método mais referido (42,86% para triturar as formas sólidas prescritas. Sendo que 32,65% costuma deixar os fármacos em 20mL de água até dissolver, 65,3% atribuem ao médico a responsabilidade sobre a decisão da formulação farmacêutica e a correlação com a localização da sonda no trato gastrointestinal. Os achados apontam para diferença entre a literatura específica para medicamentos administrados por sonda e o conhecimento de enfermeiros sobre o assunto.

  18. Relations between nursing data collection, diagnoses and prescriptions for adult patients at an intensive care unit Relaciones entre la recolección de datos, diagnósticos y prescripciones de enfermería a pacientes adultos en una unidad de terapia intensiva Relações entre a coleta de dados, diagnósticos e prescrições de enfermagem a pacientes adultos de uma unidade de terapia intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Emilia Campos de Carvalho

    2008-08-01

    Full Text Available This descriptive, retrospective study aimed to analyze the relation between nursing data collection, diagnoses and prescriptions for 26 adult patients who were hospitalized at the intense care unit of a large teaching hospital for at least 24 hours. Through the analysis of medical records, 135 diagnoses and 421 nursing prescriptions were established, and 24 different diagnosis categories and 20 different items for prescriptions were identified. The most frequent diagnosis risk was that for infection, present in the medical records of 22 (84.60% patients, with 175 prescriptions (42% related to this diagnosis. The data the nurses collected were sufficient to establish the nursing diagnoses, and the majority of prescriptions (87.9% were related to the diagnoses.La finalidad de este estudio descriptivo y retrospectivo fue analizar la relación entre la recolección de datos, diagnósticos y prescripciones de enfermería para 26 pacientes adultos que estuvieron hospitalizados en una unidad de terapia intensiva en un hospital de enseñanza de gran porte, con permanencia mínima de 24 horas. Mediante el análisis de los archivos se establecieron 135 diagnósticos y 421 prescripciones de enfermería, siendo identificados 24 categorías de diagnóstico y 20 diferentes ítems de prescripción. El diagnóstico de riesgo para la infección fue el más frecuente, que estuvo presente en el registro de 22 (84,60% pacientes. De las prescripciones, 175 (42% se refirieron a este diagnóstico. Se observa que los datos registrados por los enfermeros en la recolección de datos fueron suficientes para establecer los diagnósticos de enfermería y que la mayoría de las prescripciones (87,9% estuvieron relacionadas con los diagnósticos.Trabalho descritivo, retrospectivo, que teve como objetivo analisar a relação entre a coleta de dados, diagnósticos e prescrições de enfermagem estabelecidas por enfermeiros para 26 pacientes adultos que estiveram internados numa

  19. A percepção da família sobre sua presença em uma Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica e Neonatal La percepción de la familia sobre su presencia en una Unidad de Terapia Intensiva Pediátrica y Neonatal The family's perception of its presence at the pediatric and neonatal intensive care unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosemeire Cristina Moretto Molina

    2009-09-01

    Full Text Available O estudo, de abordagem qualitativa, teve por objetivo compreender como as famílias percebem a própria presença na unidade de terapia intensiva pediátrica e neonatal, e a aceitação dessa presença por parte dos profissionais de saúde. Os dados foram coletados por meio de entrevista semiestruturada a 14 pais de crianças internadas na UTI pediátrica e neonatal de dois hospitais na Região Noroeste do Paraná. Para a interpretação dos dados, optou-se pela análise de conteúdo. Os resultados revelaram o sofrimento vivenciado pelos pais, as alterações que ocorreram na dinâmica familiar em face da hospitalização do filho, e a percepção dos benefícios da sua permanência junto à criança, do acolhimento e dos cuidados recebidos. Concluiu-se que os pais valorizam o fato de os profissionais demonstrarem respeito e atenção para com eles e a criança, criando elos de afetividade e confiança, além de gratidão pelo cuidado.Este estudio, de abordaje cualitativo, tuvo por objetivo comprender como las familias perciben su propia presencia en la unidad de terapia intensiva pediátrica y neonatal, y, la aceptación de esa presencia por parte de los profesionales de la salud. Los datos fueron recolectados por medio de entrevista semiestructurada a 14 padres de niños internados en la UTI pediátrica y neonatal de dos hospitales en la Región Noroeste de Paraná. Para la interpretación de los datos se optó por el análisis de contenido. Los resultados revelaron el sufrimiento experimentado por los padres, las alteraciones que ocurrieron en la dinámica familiar frente a la hospitalización del hijo y la percepción de los beneficios de su permanencia junto al niño, del acogimiento y del cuidado recibidos. Se concluyó que los padres valorizan el hecho de los profesionales demonstrar respeto y atención para con ellos y el niño, creando vínculos de afecto y confianza, además de gratitud por el cuidado.This qualitative-based study aimed

  20. Re-significações do humano no contexto da 'ciborguização': um olhar sobre as relações humano-máquina na terapia intensiva Re-significaciones de lo humano en el contexto de la 'ciborguización': una mirada sobre las relaciones humano-máquina en terapia intensiva Re-signification of the human in the context of the "ciborgzation": a look at the human being-machine relationship in intensive care

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mara Ambrosina de O. Vargas

    2005-06-01

    Full Text Available Discutem-se relações humano-máquina do processo denominado 'ciborguização da enfermeira' na terapia intensiva, com base nos Estudos Culturais pós-estruturalistas, destacando-se o conceito de ciborgue de Haraway. Examinam-se, como textos culturais, manuais utilizados pela enfermagem nas UTI. Esta análise cultural procura tensionar sentidos de 'humano e máquina', com o objetivo de reconhecer processos que instituem enfermeiras como ciborgues. Argumenta-se que enfermeiras intensivistas são inseridas em um processo de corporificação de tecnologia que transforma o corpo-profissional em um híbrido que permite desqualificar, concomitantemente, noções como máquina e corpo 'em si já que é a hibridização entre 'um e outro' que conta, ali. Como ciborgues, enfermeiras intensivistas aprendem a 'estar com' a máquina e essa conexão delimita a especificidade de suas ações. Sugere-se que processos de ciborguização como esse são produtivos para questionar - e lidar de outros modos com - os sentidos de 'humano' e 'humanidade' que sustentam grande parte do saber/fazer em saúde.Se discuten relaciones humano-máquina del proceso denominado 'ciborguización de la enfermera' en la terapia intensiva, con base en los Estudios Culturales post-estructuralistas, destacándose el concepto de ciborgue de Haraway. Se examinan, como textos culturales, manuales utilizados por la enfermería en las UCIs. Este análisis cultural procura tensionar sentidos de 'humano y máquina', con el objetivo de reconocer procesos que instituyen enfermeras como ciborgues. Se argumenta que las enfermeras intensivistas son insertadas en un proceso de corporificación de tecnología que transforma el cuerpo-profesional en un híbrido que permite descalificar, conco-mitantemente, nociones como máquina y cuerpo 'en sí' ya que es una hibridización entre 'uno y otro' que cuenta, allí. Como ciborgues, las enfermeras intensivistas aprenden a 'estar con' la máquina y esa

  1. Diagnósticos e intervenções de enfermagem frequentes em mulheres internadas em uma unidade de terapia intensiva Diagnósticos y intervenciones de enfermería frecuentes en mujeres en una unidad de terapía intensiva Frequent nursing diagnoses and interventions for women under critical care

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mirna Fontenele de Oliveira

    2009-06-01

    Full Text Available Objetivou-se identificar os Diagnósticos de Enfermagem mais freqüentes e propor intervenções para mulheres internadas em uma unidade de terapia intensiva materna de um hospital público de Fortaleza-CE. Estudo retrospectivo, realizado em prontuários de mulheres internadas. Foram elaborados dez Diagnósticos de Enfermagem. Destes, quatro de risco: risco para infecção, risco para desequilíbrio no volume de líquidos, risco para aspiração, risco para integridade da pele prejudicada e seis reais: maternidade alterada, mobilidade física prejudicada, ansiedade e comunicação verbal prejudicada. Para os referidos Diagnósticos de Enfermagem, propõem-se intervenções, segundo a ligação entre NANDA, NIC e NOC. Conclui-se que o uso dos Diagnósticos de Enfermagem é tecnologia necessária ao cotidiano de enfermagem, pois possibilita o cuidado integral.El objetivo del estudio fue identificar los Diagnósticos de Enfermería más frecuentes y proponer intervenciones para mujeres internadas en una unidad de terapia intensiva maternal de un hospital público en Fortaleza, CE, Brasil. Estudio retrospectivo realizado con los prontuarios de mujeres internadas. Se elaboró diez Diagnósticos de Enfermería, cuatro de riesgo: riesgo para infección, riesgo para desequilibrio en el volumen de líquidos, riesgo para aspiración, riesgo para integridad de la piel perjudicada y seis reales: maternidad alterada, mobilidad física perjudicada, ansiedad y comunicación verbal perjudicada. Para los referidos DE, se propone intervenciones, según la ligación entre NANDA, NIC y NOC. Se concluye que el uso de los DE es una tecnología necesaria a la rutina de la enfermería, ya que posibilita la atención integral.This study aimed at identifying the most frequent Nursing Diagnoses and propose interventions for women under critical care into a maternal intensive care unit in a public hospital in Fortaleza, CE, Brazil. Retrospective study conducted with women

  2. Fatores de risco para óbito em unidade de terapia intensiva neonatal, utilizando a técnica de análise de sobrevida Risk factors for neonatal death in neonatal intensive care unit according to survival analysis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Susana de Paula Risso

    2010-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar fatores de risco associados ao óbito de recém-nascidos internados na unidade de terapia intensiva neonatal do Hospital Universitário de Taubaté, SP. MÉTODOS: É um estudo longitudinal com informações obtidas dos prontuários dos recém-nascidos internados na unidade de terapia intensiva neonatal, do Hospital Universitário da Universidade de Taubaté. A variável dependente foi o tipo de desfecho: alta ou óbito. As variáveis independentes foram variáveis maternas e gestacionais: idade materna, hipertensão, diabetes, terapia com corticóide e parto; variáveis do recém-nascido: peso ao nascer, duração da gestação, escore de Apgar no primeiro e quinto minutos de vida, nascimento múltiplo, malformações congênitas e sexo; variáveis relativas à internação: relato de ventilação mecânica, ventilação pressão positiva, relato de nutrição parenteral prolongada, sepse, entubação, massagem cardíaca, fototerapia, doença da membrana hialina, oxigênioterapia, tempo de internação e fração inspirada de oxigênio. Foi construído um modelo de forma hierarquizada em três níveis para análise de sobrevida, através do modelo de Cox; o programa computacional utilizado foi o Stata v9 e permaneceram no modelo final as variáveis com pOBJECTIVE: To identify risk factors associated with death of infants admitted to neonatal intensive care unit of Taubaté University Hospital. METHODS: It is a longitudinal study with information obtained from medical records of newborns admitted to the neonatal intensive care unit of Taubaté University Hospital. Type of outcome, discharge or death, was dependent variable. The independent variables were maternal and gestational variables: maternal age, hypertension, diabetes, corticosteroid therapy and delivery; variables of the newborn: birth weight, gestation length, Apgar score in the first and fifth minutes of life, multiple birth, congenital malformations and sex

  3. Relação da espessura do músculo adutor do polegar e avaliação subjetiva global em unidade de terapia intensiva cardiológica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Pickrodt Karst

    2015-12-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo: Verificar a relação do teste de espessura do músculo adutor do polegar com avaliação subjetiva global e correlacioná-lo a outros métodos antropométricos. Métodos: Estudo transversal observacional realizado em unidade de terapia intensiva de um hospital de cardiologia no Estado do Rio Grande do Sul. Os pacientes internados foram submetidos à avaliação subjetiva global, da espessura do músculo adutor do polegar em ambas as mãos e da circunferência da panturrilha da perna direita. Foram coletados parâmetros laboratoriais, tempo de internação, sinais vitais, dados e exames do prontuário eletrônico. Resultados: População composta de 83 pacientes, sendo 62% homens, com idade de 68,6 ± 12,5 anos. O motivo de internação mais frequente foi infarto agudo miocárdio (34,9%, e a patologia mais comum foi a hipertensão arterial sistólica (63,9% seguida de diabetes mellitus (28,9%. Conforme a classificação da avaliação subjetiva global, 62,7% dos pacientes apresentaram-se sem risco nutricional, 20,5% moderadamente desnutridos e 16,9% gravemente desnutridos. As mulheres apresentaram maior risco nutricional, tanto pela avaliação subjetiva global quanto pela espessura do músculo adutor do polegar, que foi < 6,5mm (54,8%; p = 0,001. A patologia com maior risco nutricional foi a insuficiência cardíaca congestiva (p = 0,001. A avaliação da curva ROC entre espessura do músculo adutor do polegar e avaliação subjetiva global teve acuidade, com área de 0,822. Conclusão: A espessura do músculo adutor do polegar demonstrou ser um bom método de avaliação de risco nutricional.

  4. Caracterização do estresse nos enfermeiros de unidades de terapia intensiva Caracterización del estrés en las enfermeras de unidades de cuidados intensivos Characterization of stress in intensive care unit nurses

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francine Jomara Lopes Guerrer

    2008-06-01

    Full Text Available O estudo propõe uma caracterização dos enfermeiros que atuam em unidades de terapia intensiva (UTIs das Regiões Brasileiras e a associação do nível de estresse relatado com idade, cargo ocupado, tempo de formado e freqüência a cursos de pós-graduação. Os dados foram coletados utilizando-se a Escala Bianchi de Stress, constituída por caracterização sociodemográfica e 51 itens das atividades desempenhadas por enfermeiros. A amostra foi composta por 263 enfermeiros, sendo feminina (91,6%, jovem (80,2% En este estudio se propone la caracterización de los enfermeros que trabajan en unidades de cuidados intensivos (UCIs de las Regiones Brasileñas y la asociación del nivel de estrés con la edad, cargo ocupado, tiempo de egresado y la frecuencia a cursos de postgrado. Los datos fueron recolectados utilizándose la Escala Bianchi de Estrés, constituida por caracterización sociodemográfica y 51 items de las actividades desempeñadas por enfermeros. La muestra estuvo conformada por 263 enfermeros, siendo del sexo femenino (91,6%, joven (80,2% This study proposes a characterization of the nurses who work in intensive care units (ICU in different regions of Brazil and the association of the stress level they report with age, position, time since graduation, and enrollment in Graduate courses. The data were collected using the Bianchi Stress Inventory, consisting of socio-demographic information and 51 items of the activities nurses perform. The sample was comprised of 263 nurses, most of them female (91.6%; young (80.2% are less than 40-years old; graduated between 2 and 5 years previously (34.6%; with latu sensu Graduate studies(74.5%. Most individual stress scores varied from medium to alert (60.1%. There was statistically significant association (p<0.05 between areas C (administration of personnel and D (nursing assistance. In conclusion, both nurses and hospitals must make efforts to get subsidies for improving assistance

  5. Cuidando da família de pacientes em situação de terminalidade internados na unidade de terapia intensiva Caring for the families of terminally ill patients in the intensive care unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcio Soares

    2007-12-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O cuidado dos familiares é uma das partes mais importantes do cuidado global dos pacientes internados nas unidades de terapia intensiva (UTI. No contexto de um paciente terminal ou no qual as perspectivas de recuperação são muito improváveis, esta face do cuidado assume uma importância ainda maior, pois na maioria das vezes o paciente não estará desperto, e será preciso lidar e cuidar dos seus familiares. Os familiares têm necessidades específicas e apresentam freqüências elevadas de estresse, distúrbios do humor e ansiedade durante o acompanhamento da internação na UTI, e que muitas vezes persistem após a morte do seu ente querido. CONTEÚDO: Foram selecionados artigos sobre o cuidado de familiares de pacientes em situação de terminalidade na UTI publicados nos últimos 20 anos na PubMed. CONCLUSÕES: A literatura recente está repleta de evidências de que estratégias voltadas para os familiares como a melhoria da comunicação, da prevenção de conflitos e do conforto espiritual, para citar algumas, resultam em maiores satisfação e percepção da qualidade da assistência prestada ao paciente na UTI.BACKGROUND AND OBJECTIVES: Caring for the families is one of the major tasks of the global care of patients admitted to the intensive care unit (ICU. In the context of a terminally ill patient or a patient in whom the recovery from the acute illness is unlikely, dealing with and caring for their family members becomes even more important as the patient will not be awake in most of situations. Family members have specific needs and present with high incidence of symptoms of stress, depression, anxiety and related disorders during the ICU of their beloved one, which can even persist late after the patient's death. CONTENTS: Review of selected studies on the care of family members of patients at the end-of-life admitted to the ICU published at the PubMed database during the last 20 years. CONCLUSIONS

  6. Ruído em uma Unidade de Terapia Intensiva neonatal: mensuração e percepção de profissionais e pais Noise in a neonatal Intensive Care Unit: measurement and perception of professionals and parents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Soares Aurélio

    2010-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Conhecer a percepção dos profissionais atuantes em Unidade de Terapia Intensiva Neonatal e dos pais dos recém-nascidos internados sobre o ruído existente, além de compará-la aos níveis de ruído mensurados. MÉTODOS: Por meio de questionário, investigou-se a percepção dos profissionais que atuam na unidade, bem como a dos pais dos recém-nascidos internados, quanto ao ruído existente no ambiente. Os níveis sonoros das três salas e do corredor da unidade foram registrados 24 horas/dia, por nove dias em cada local, com dosímetro Quest 400, e analisados pelo software QuestSuíteMR. Para comparar os níveis de ruído nos diferentes locais, aplicaram-se os testes de Kruskal-Wallis e Mann-Whitney, sendo significante pOBJECTIVE: To study the perception about environmental noise of professionals and parents of neonates assisted in a Neonatal Intensive Care Unit (NICU, and to compare the findings with the measured noise levels. METHODS: The perception of parents and professionals that work in the NICU in relation to the presence of noise was evaluated by a questionnaire. Sound levels in three rooms and in the corridor of that environment were registered 24 hours/day during 9 days by the Quest Q-400 Noise Dosimeter and analyzed by QuestSuíteMR software. Kruskal-Wallis e Mann-Whitney tests were used to compare the noise levels in different places, being significant p<0.05. RESULTS: The average noise levels in the intensive, intermediary care, isolation rooms and in the corridor of the unit were 64.8, 62.1, 63.8 and 61.9dBA, respectively (p<0.001. Health professionals qualified the noise as present and intense, but parents evaluated the noise as moderate. Health professionals judged their own behaviors as noisy, and parents believe that they do not contribute to the existent noise at the place. Health professionals believed that newborns and professionals who work in the NICU may be injured by the noise, but this was not true for

  7. Incidência e fatores associados ao desmame simples, difícil e prolongado em uma unidade de terapia intensiva = Incidence and associated factors to simple, difficult and prolonged weaning in an intensive care unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fontela, Paula Caitano

    2016-01-01

    Full Text Available Introdução: A classificação do desmame ventilatório é uma ferramenta útil e importante dentro das unidades de terapia intensiva (UTI com o intuito de conhecer a realidade do serviço. Objetivo: Determinar a incidência e os fatores associados ao desmame simples, difícil e prolongado em pacientes internados em uma UTI geral adulto. Materiais e Métodos: Estudo de corte prospectivo realizado em um Hospital de Grande Porte no interior do Estado do Rio Grande do Sul - Brasil, entre janeiro e abril de 2014. Foram incluídos 25 pacientes submetidos à ventilação mecânica invasiva (VM em tempo superior a 24 horas e que realizaram o teste de respiração espontânea. Resultados: A incidência de desmame simples, difícil e prolongado foi de 52% (n=13, 32% (n=8 e 16% (n=4, respectivamente. Os dias de internação na UTI (p=0,039, dias de VM (p=0,002 e dias de desmame da VM (p<0,001 foram superiores no grupo desmame prolongado. A incidência de pneumonia associada à VM (PAV (p=0,016, realização de traqueostomia (p=0,045, VM prolongada (p=0,011 e VM controlada prolongada (p=0,028 foi maior no grupo desmame prolongado. Houve uma tendência de maior mortalidade na UTI no grupo desmame prolongado, no entanto, sem diferença estatisticamente significativa (p=0,066. Conclusão: O desmame prolongado está associado ao aumento nos dias de internação na UTI, dias de VM e dias de desmame da VM, assim como na incidência de PAV, realização de traqueostomia, VM prolongada e VM controlada prolongada. Esses resultados nos mostram que nenhum esforço deve ser poupado em relação ao desmame, devendo esse ser otimizado a fim de evitar ou pelo menos reduzir complicações e intervenções

  8. Aplicação do escore CRIB como preditor de óbito em unidade de terapia intensiva neonatal: uma abordagem ampliada The use of CRIB score as mortality predictor at neonatal intensive care unit: an extended approach

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Fernando C. Nascimento

    2004-06-01

    Full Text Available OBJETIVOS: avaliar o uso do escore CRIB (Clinical Risk Index for Babies em todos os recém-nascidos internados em Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN e comparar seus resultados com peso ao nascer e idade gestacional. MÉTODOS: estudo observacional, envolvendo todos os recém-nascidos internados na UTIN do Hospital Universitário de Taubaté. As variáveis foram escore CRIB, peso ao nascer, idade gestacional, uso de surfactante, cateterização umbilical, asfixia neonatal e óbito. Foram comparadas as médias do escore CRIB, peso ao nascer e idade gestacional segundo óbito. Foram estimados os valores da sensibilidade, especificidade, valores preditivos positivo e negativo e risco relativo e criadas curvas Receiver Operating Characteristic (ROC para CRIB, peso ao nascer e idade gestacional. Utilizou-se da técnica t de Student e qui-quadrado de tendência linear. A significância estatística foi alfa = 5%. RESULTADOS: óbito esteve associado a maiores valores do CRIB; houve tendência de mais casos com asfixia, uso de surfactante, cateterização umbilical e óbitos com as classes maiores do CRIB. A curva ROC relativa ao CRIB foi maior que as relativas ao peso ao nascer e idade gestacional. CONCLUSÕES: o escore CRIB foi bom preditor do óbito quando aplicado em todos os RN.OBJECTIVES: to evaluate the CRIB (Clinical Risk Index for Babies score as mortality predictor in all newborn at Neonatal Intensive Care Unit (NICU and to compare with birthweight and gestational age. METHODS: observational study with newborn admitted at NICU of University Hospital of Taubaté. The variables were CRIB score, birth weight, gestational age, use of surfactant, umbilical catheter, neonatal asphyxia and death. The association between CRIB score and other variables was estimated. The values of sensitivity, specificity, predictive and negative values and relative risk and 95% confidence interval of were estimated and created ROC (Receiver Operating

  9. Microbiota fúngica dos condicionadores de ar nas unidades de terapia intensiva de Teresina, PI Fungus microbiota in air conditioners in intensive care units in Teresina, Piauí

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mitra Mobin

    2006-12-01

    Full Text Available Com intuito de identificar a microbiota fúngica em condicionadores de ar nas unidades de terapia intensiva de hospitais públicos e particulares de Teresina-PI, coletou-se material sólido de dez UTIs, isolando 33 espécies pertencentes às Moniliaceae e Dematiaceae, sendo primeira referência para o Piauí. Registrou-se elevada freqüência de Aspergillus niger Van Tieghem (60%; Aspergillus fumigatus Fres (50%; Trichoderma koningii Oudem (50%, Aspergillus flavus Link: Fr (40%. A validade da limpeza dos condicionadores de ar ultrapassou em todas as UTIs, a quantidade de unidades formadoras de colônia estava além do permitido pela Portaria 176/00 do Ministério da Saúde. É importante que os profissionais estejam munidos de equipamento de proteção individual, além de adotar medidas de controle de infecção hospitalar, sensibilizar para a existência de infecções fúngicas, melhorar ventilação de ar, possibilitando arejamento do ambiente e limpar periodicamente os condicionadores de ar, conscientizando os profissionais de saúde da importância destes fungos no ambiente hospitalar.With the aim of identifying the fungus microbiota in air conditioners in intensive care units (ICUs within public and private hospitals in Teresina, Piauí, solid material was collected from ten different ICUs. Thirty-three species of Moniliaceae and Dematiaceae were isolated, which was the first report of these in Piauí. High frequencies of Aspergillus niger Van Tieghem (60%, Aspergillus fumigatus Fres (50%, Trichoderma koningii Oudem (50% and Aspergillus flavus Link: Fr. (40% were recorded. The air conditioner cleanliness validity had expired in all the ICUs, and the quantity of colony-forming units exceeded the levels permitted by Law 176/00 from the Ministry of Health. It is important to provide individual protection equipment for professionals, adopt hospital infection control measures, raise the awareness of the presence of fungus infection, improve

  10. Aspectos clínicos de recém-nascidos admitidos em Unidade de Terapia Intensiva de hospital de referência da Região Norte do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Samyra Said de Lima

    2015-08-01

    Full Text Available Introdução: O conhecimento das características de nascimento e óbitos de recém-nascidos, condições biológicas da gestação e parto, bem como dos neonatos admitidos em Unidades de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN, disponibilizadas através de estudos epidemiológicos podem subsidiar ações de assistência em saúde materno-infantil, minimizando a ocorrência de agravos e planejando um atendimento mais adequado. Objetivo: Descrever os aspectos clínicos de recém-nascidos admitidos na UTIN de hospital de referência da região norte do país. Métodos: Estudo transversal, descritivo e documental com amostragem aleatória simples composta por 318 prontuários de recém-nascidos admitidos na UTIN no ano de 2013, coletados por meio de ficha estruturada durante os meses de abril a julho de 2014. Foi realizada análise descritiva simples dos dados. Resultados: A amostra constituiu-se de neonatos masculinos (53,14%, prematuros (92,14% e de baixo peso ao nascimento (80,5%, com Apgar adequados no 1º e 5º minutos e sem utilizar surfactante pulmonar exógeno (54,72%. Suas genitoras constituíram-se de adultas jovens, com pré-natal inadequado (72,6%, partos cesarianos (56,0%, sem corticoterapia antenatal (91,19% e provenientes do interior do estado (44,0%. Prematuridade foi a principal causa de admissão na Unidade (77,04%. Os neonatos necessitaram de suporte ventilatório, oxigenoterapia e assistência fisioterapêutica (92,14%. No total, 55% dos óbitos ocorreram precocemente, sendo o choque séptico a principal causa (40,83%. Conclusão: Estes resultados revelam as características dos recém-nascidos desta Unidade podendo contribuir no direcionamento de ações públicas voltadas à prevenção de agravos e a promoção da saúde materna e neonatal a nível regional e nacional.

  11. Estudo comparativo do desenvolvimento sensório-motor de recém-nascidos prematuros da unidade de terapia intensiva neonatal e do método canguru - doi:10.5020/18061230.2005.p191

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Andrade da Mota

    2012-01-01

    Full Text Available O Método Canguru é uma alternativa ao método tradicional de assistência a bebês prematuros de baixo peso, que preconiza o contato pele a pele precoce, entre mãe e filho, 24 horas por dia, garantindo-lhes estímulos sensoriais e motores e maior participação dos pais no cuidado de seu bebê. A Unidade de Terapia Intensiva (UTI Neonatal é destinada ao tratamento de recém-nascidos prematuros com algum problema ao nascer. Objetivou-se comparar o desenvolvimento sensório-motor de recém-nascidos prematuros (RNPt da UTI Neonatal e do Método Canguru. Realizou-se um estudo comparativo, prospectivo e observacional, no Hospital Geral Dr. César Cals, em Fortaleza – CE, de agosto a outubro de 2004, com 14 RNPt, sendo 07 de cada grupo, com peso inferior a 2000g e idade gestacional entre 30 e 37 semanas. A avaliação foi semanal até a alta hospitalar ou até completarem a idade corrigida de 40 semanas, pelo método Dubowitz e Amiel-Tison, com análise de tônus muscular, respostas sensório-motoras, ganho de peso e tempo de internação. Como resultado, observou-se que os bebês do Método Canguru apresentaram melhores respostas sensório-motoras, comprovadas a partir da constatação de um menor grau de estresse, melhores respostas reflexas, movimentação espontânea e tônus muscular, e menor tempo de internação, permanecendo mais tempo em estado de alerta e interagindo bem com o ambiente e a mãe. Conclui-se que o Método Canguru mostrou-se uma alternativa mais eficaz de assistência a RNPt de baixo peso, pois proporcionou melhores resultados quanto às atividades sensório-motor dos bebês, se comparados à UTI Neonatal.

  12. O uso da hiperinsuflação como recurso fisioterapêutico em unidade de terapia intensiva The use of hyperinflation as a physical therapy resource in intensive care unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela Aires Lemes

    2007-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Os pacientes ventilados mecanicamente geralmente apresentam grandes quantidades de secreção pulmonar devido à deficiência da função mucociliar e do transporte de muco. O reanimador manual é utilizado como recurso para a hiperinsuflação pulmonar com os objetivos de prevenir a retenção de muco e as complicações pulmonares, melhorar a oxigenação e re-expandir áreas pulmonares colapsadas. Alternativamente, a hiperinsuflação por meio do ventilador mecânico é considerada uma forma segura e prática para promover a desobstrução e expansão pulmonar. O objetivo deste estudo foi rever a literatura relacionada ao uso da hiperinsuflação manual e da hiperinsuflação por meio do ventilador mecânico em pacientes internados em unidades de terapia intensiva (UTI. CONTEÚDO: A pesquisa da literatura foi realizada por meio das bases eletrônicas de dados MedLine, CINAHL, SciELO e LILACS utilizando palavras-chave apropriadas, incluindo: intensive care units, manual hyperinflation, mechanical ventilator, physiotherapy, physical therapy e ventilator hyperinflation. CONCLUSÕES: Apesar de existirem poucos estudos demonstrando a eficácia da hiperinsuflação por meio do ventilador mecânico como recurso fisioterapêutico, o seu uso parece ser uma alternativa mais segura em relação ao reanimador manual para instituição da hiperinsuflação terapêutica em UTI.BACKGROUND AND OBJECTIVES: Mechanically ventilated patients usually present larger amounts of pulmonary secretions because of impairment in mucociliary function and mucus transport. The manual resuscitator is considered a resource for pulmonary hyperinflation with the aim of preventing mucus retention and pulmonary complications, improving oxygenation and reexpanding collapsed areas. Alternatively, the hyperinflation by mechanical ventilator is a reliable and practical device to promote lung expansion and desobstruction. The objective of this study was to

  13. Conseqüências dos erros de medicação em unidades de terapia intensiva e semi-intensiva Consecuencias de los errores de medicaciòn en unidades de cuidados intensivos - semi intensivos Consequences of medical errors in intensive and semi-intensive care units

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Cecília Toffoletto

    2006-06-01

    Full Text Available O estudo objetivou caracterizar erros de medicação e avaliar conseqüências na gravidade dos pacientes e carga de trabalho de enfermagem em duas Unidades de Terapia Intensiva (UTI e duas Semi-Intensiva (USI de duas instituições hospitalares do município de São Paulo. A amostra foi constituída por 50 pacientes e os dados obtidos por meio do registro de ocorrências e prontuários, retrospectivamente. A gravidade e carga de trabalho de enfermagem foram avaliadas antes e após o erro. Do total de 52 erros, 12 (23,08% ocorreram por omissão de dose, 11 (21,15% e 9 (17,31% por medicamento e dose erradas, respectivamente. Não houve mudança na gravidade dos pacientes (p=0,316, porém houve aumento na carga de trabalho de enfermagem (p=0,009. Quanto ao grupo de medicamentos envolvidos, potencialmente perigosos e não potencialmente perigosos, não houve diferenças estatisticamente significantes na gravidade (p=0,456 e na carga de trabalho de enfermagem (p=0,264, após o erro de medicação.En el presente estudio se tuvo como objetivo caracterizar errores de medicación y evaluar consecuencias en la gravedad de los pacientes y carga de trabajo de enfermería en dos Unidades de cuidados Intensivos (UCI y dos Semi-Intensivos (USI de dos instituciones hospitalarias del municipio de Sao Paulo. La muestra constituida por 50 pacientes fueron obtenidos por medio del registro de ocurrencias e historias clínicas, retrospectivamente. La gravedad y carga de trabajo de enfermería fueron evaluadas antes y después del error. Del total de 52 errores, 12 (23,08% ocurrieron por omisión de la dosis, 11 (21,15% y 9 (17,31% por medicamento y dosis erradas, respectivamente. No se observó cambio en la gravedad de los pacientes (p=0,316, no obstante hubo aumento en la carga de trabajo de enfermería (p=0,009. En cuanto al grupo de medicamentos involucrados, potencial y no potencialmente peligrosos, no existieron diferencias estadísticamente significativas en

  14. As representações sociais dos trabalhadores de enfermagem não enfermeiros (técnicos e auxiliares de enfermagem sobre o trabalho em Unidade de Terapia Intensiva em um hospital-escola Las representaciones sociales del personal no enfermero (técnicos y auxiliares de enfermería sobre el trabajo en un Centro de Terapia Intensiva en un hospital ecuela Social representations of ICU auxiliary nursing personnel from a teaching hospital about their practice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Helena Eri Shimizu

    2002-06-01

    Full Text Available Este estudo tem como objetivos conhecer as representações sociais dos trabalhadores de enfermagem não enfermeiros acerca do trabalho na UTI, os modos de expressão do sofrimento e prazer e as formas de enfrentamento do sofrimento ligados a esse trabalho. Adota como referencial teórico-metodológico a Teoria das Representações Sociais. Os dados são obtidos por meio de entrevistas semi-estruturadas e analisados com a técnica de análise de conteúdo, especificamente, a análise de enunciação. As representações evidenciam que, para suportarem a dor, o sofrimento e a morte do paciente, utilizam-se de diversos mecanismos individuais de defesa, classicamente descritos pela Psicopatologia e pela Psicanálise.El objetivo de este estudio es conocer las representaciones sociales del personal no enfermero sobre el trabajo en el Centro de Terapia Intensiva, los modos de expresión del sufrimiento y el placer y las formas de el sufrimiento relacionados a esse trabajo. Adopta como referencia teórica-meodológica la Teoria de las Representaciones Sociales. Los datos fueron obtenidos mediante entrevistas semiestructuradas y analizados com la técnica del análisis de contenido, más exactamente, el análisis de enunciación. Las representaciones demuestran que, para soportar el dolor, el sufrimiento y la muerte del paciente, los técnicos y auxiliares de enfermeria se valen de diversos mecanismos individuales de defensa, clásicamente descritos por la psicopatología y psicoanálisis.The study identifies and analyses social representations of Intensive Care Unit (ICU nursing staff about their work and how they express feelings of sorrow and pleasure associated to their job. The theoretical and methodological reference used by this study was the Theory of Social Representations. Interviews were carried out with auxiliary nursing personnel (licensed practical nurse and nurse technician. The data were analyzed by analysis-of-content technique, in

  15. Como melhorar a comunicação e prevenir conflitos nas situações de terminalidade na Unidade de Terapia Intensiva How to improve the communication and to prevent the conflicts at terminality situations in Intensive Care Unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rachel Duarte Moritz

    2007-12-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A angústia diante do morrer e o maior tempo de permanência dos pacientes críticos nas unidades de terapia intensiva (UTI são fatores que têm levado a necessidade da melhoria da comunicação entre todos os envolvidos no tratamento desses enfermos, o que justifica esse trabalho, que visa a abordagem desse tema. CONTEÚDO: Foi utilizada a experiência da autora e foram revisados, através da MedLine, do UptoDate, do Google e da Revista Brasileira de Terapia Intensiva, os artigos escritos, nos últimos cinco anos, abordando os temas morte, comunicação, UTI. CONCLUSÕES: A adequada comunicação entre o médico, o paciente, seus familiares e a equipe multiprofissional da UTI é um dos principais fatores que interferem na satisfação, tanto dos pacientes quanto daqueles que trabalham nessa unidade. Para a adequada informação o médico intensivista deve ter a consciência dos seus limites terapêuticos curativos e deve aprender a tratar do paciente durante o processo do morrer. Dessa forma sentir-se-á seguro para falar sobre a morte. Seria ideal que o profissional responsável por fornecer a notícias fosse experiente, tanto do ponto de vista técnico quanto ético e que fosse, sempre que possível, o mesmo emissor. O principal envolvido no processo do morrer, pouco poderá influir. Entretanto, caso haja possibilidade de comunicação essa deverá ser realizada de forma simples, honesta e humana. A família do paciente tem o direito de estar ao lado daquele que ama e de ser informada, com constância, sobre a verdade do seu quadro clínico. Todos os atores do processo devem saber a verdade e as linhas terapêuticas escolhidas. A comunicação, idealmente, será efetuada em ambientes tranqüilos e reservados.BACKGROUND AND OBJECTIVES: The suffering with the death and the prolonged time of patient's admission in a intensive care unit (ICU are factors that leads to necessity the best communication with the personal

  16. Diabetes mellitus e intolerância à glicose são subdiagnosticados nas unidades de terapia intensiva Diabetes mellitus and impaired glucose tolerance are underdiagnosed in intensive care units

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata Teixeira Ladeira

    2012-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a presença de diabetes mellitus e a intolerância à glicose em pacientes internados em unidades de terapia intensiva. MÉTODOS: Foram incluídos pacientes clínicos, em pós-operatório de cirurgias eletivas e de urgência, e excluídos aqueles com história de diabetes mellitus. Para o diagnóstico de alterações prévias da glicemia, utilizou-se a dosagem da hemoglobina glicada (HbA1c na admissão do paciente, sendo classificado em normal (6,4%. Durante os 3 primeiros dias da internação, foram avaliados o controle glicêmico e as complicações clínicas. A evolução para óbito foi acompanhada por 28 dias. Para as análises estatísticas, utilizaram-se testes do qui-quadrado, ANOVA, teste t de Student, Kruskall-Wallis ou Mann Whitney. RESULTADOS: Foram incluídos 30 pacientes, 53% do gênero feminino, idade de 53,4±19,7 anos e APACHE II de 13,6±6,6. A maioria dos pacientes foi admitida por sepse grave ou choque séptico, seguido por pós-operatório de cirurgias eletivas, oncológicas, politraumatismo e cirurgia de urgência. Ao classificar esses pacientes segundo a HbA1c, apesar da ausência prévia de história de diabetes mellitus, apenas 13,3% tinham HbA1c normal, 23,3% tinham níveis compatíveis com o diagnóstico de diabetes mellitus e 63,3% eram compatíveis com intolerância à glicose. Houve associação significativa entre o diagnóstico de diabetes mellitus ou intolerância a glicose e o uso de droga vasoativa (p=0,04. CONCLUSÃO: Foi encontrada alta prevalência de diabetes mellitus e intolerância à glicose, sem diagnóstico prévio, em pacientes internados em uma unidade de terapia intensiva geral.OBJECTIVE: To evaluate the presence of diabetes mellitus and impaired glucose tolerance in intensive care unit inpatients. METHODS: The study included patients in post-surgical care for elective and emergency surgery and excluded those patients with known diabetes mellitus. To diagnose prior serum glucose

  17. Estudo fenomenológico sobre a vivência da morte em uma unidade de terapia intensiva neonatal Estudio fenomenológico sobre la vivencia de la muerte en la unidad de terapía intensiva neonatal Phenomenologic study about experiences when living the death in the neonatal critical care unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Laureana Cartaxo Salgado Pereira Silva

    2010-10-01

    Full Text Available Esta investigação teve como objetivos: descrever a vivência de cuidado de profissionais de enfermagem de unidade de terapia intensiva neonatal diante da morte e compreender os sentimentos diante da morte do recém-nascido. Pesquisa qualitativa com abordagem fenomenológica, tendo como pergunta norteadora: Como você se sente diante da morte do recém-nascido na UTI onde trabalha? Participaram da entrevista 12 enfermeiros e técnicos de enfermagem da UTI. Emergiram sentimentos como culpa, fracasso e negação. Compreendendo o fenômeno estudado, afirmamos que a morte do recém-nascido no espaço da UTI é uma vivência de sentimentos conflituosos, por vezes dolorosos para os profissionais de enfermagem.Esta investigación tuvo como objetivo describir la experiencia de la atención de las enfermeras de la unidad neonatal de cuidados intensivos antes de la muerte y comprender los sentimientos antes de la muerte del recién nacido. Investigación cualitativa con abordaje fenomenológico, con la pregunta orientadora: ¿Cómo te sientes acerca de la muerte de los recién nacidos en la UCI donde usted trabaja? Asistió a la entrevista 12 enfermeras y la enfermería en la UCI. Surgido como sentimientos de culpa, el fracaso y la negación. Entender el fenómeno estudiado, afirmamos que la muerte del recién nacido dentro de la UCI es una experiencia de sentimientos contradictorios, a veces dolorosas para las enfermeras.This research aimed at describing the care experiences of neonatal critical care nurses when facing the death and to understand their fellings before the death of the newborn. Qualitative research with a phenomenological approach, with the guiding question: How do you feel about the death of the newborn ICU where you work? Attended the interview 12 nurses and ICU nursing. Emerging feelings such as guilt, failure and denial. Understanding the phenomenon being studied, we affirm that the death of the newborn within the ICU is an

  18. Aspectos epidemiológicos de pacientes traqueostomizados em unidade de terapia intensiva adulto de um hospital de referência ao Sistema Único de Saúde em Belo Horizonte Epidemiological profile of patients with tracheotomy in a referral public hospital intensive care unit in Belo Horizonte

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudio Dornas de Oliveira

    2010-03-01

    Full Text Available OBJETIVOS: A traqueostomia é frequentemente realizada com a finalidade de favorecer o desmame da ventilação mecânica. No entanto, não se conhece o real impacto da traqueostomia nos diversos grupos de pacientes em nosso meio. O objetivo deste trabalho foi avaliar características epidemiológicas dos pacientes submetidos à traqueostomia na unidade de terapia intensiva da Santa Casa de Belo Horizonte e traçar paralelos com outros estudos semelhantes. MÉTODOS: Estudo descritivo, retrospectivo, através de revisão de prontuários e banco de dados do sistema "QuaTI" (Qualidade em Terapia Intensiva de 87 pacientes traqueostomizados no ano de 2007. RESULTADOS: A análise dos 87 pacientes estudados mostrou média de idade de 58 ± 17 anos, média do APACHE II de 18 ± 6, tempo médio de intubação orotraqueal de 11,17 ± 4,78 dias, mortalidade na unidade de terapia intensiva de 40,2% e mortalidade hospitalar geral de 62,1%. A média de idade dos pacientes que faleceram na unidade de terapia intensiva (65 ± 17 anos foi maior que a daqueles que receberam alta (53 ± 16 anosp = 0,003. A média de idade dos indivíduos que faleceram no hospital (62 ± 17anos foi maior que a dos sobreviventes (52 ± 16 anos p = 0,008. A senilidade (idade maior ou igual a 65 anos constituiu fator relacionado a mortalidade na unidade de terapia intensiva (OR 2,874, IC 1,165 a 7,088 p = 0,020 e à mortalidade hospitalar geral (OR 3,202, IC 1,188 a 8,628 p = 0,019. Não foram observadas outras variáveis associados a mortalidade. CONCLUSÕES: O perfil epidemiológico de pacientes traqueostomizados na unidade de terapia intensiva deste estudo revelou elevada taxa de mortalidade ao se comparar com estudos internacionais. A senilidade esteve relacionada a pior desfecho nestes pacientes. Não foram identificados outros aspectos relacionados a mortalidade no grupo estudado.OBJECTIVES: Tracheostomy is a common procedure in intensive care unit to promote mechanical

  19. Terapia nutricional enteral em pacientes sépticos na unidade de terapia intensiva: adequação às diretrizes nutricionais para pacientes críticos Enteral nutritional therapy in septic patients in the intensive care unit: compliance with nutritional guidelines for critically ill patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valeska Fernandes Pasinato

    2013-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a adequação do manejo nutricional do paciente séptico a diretrizes de nutrição enteral para pacientes críticos. MÉTODOS: Estudo de coorte prospectivo com 92 pacientes sépticos, idade ≥18 anos, internados em unidade de terapia intensiva, em uso de nutrição enteral, avaliados segundo diretrizes para pacientes críticos quanto à nutrição enteral precoce, adequação calórica e proteica, e motivos para não início da nutrição enteral precoce bem como de interrupção da mesma. Escores prognósticos, tempo de internação, evolução clínica e estado nutricional também foram analisados. RESULTADOS: Pacientes com idade média de 63,4±15,1 anos, predominantemente masculinos, diagnóstico de choque séptico (56,5%, tempo de internação na unidade de terapia intensiva de 11 (7,2 a 18,0 dias, escores SOFA de 8,2±4,2 e APACHE II de 24,1±9,6 e mortalidade de 39,1%. Em 63% dos pacientes, a nutrição enteral foi iniciada precocemente. Cerca de 50% atingiu as metas calóricas e proteicas no 3º dia de internação na unidade de terapia intensiva, percentual que foi reduzido para 30% no 7º dia. Motivos para início da nutrição enteral tardia foram complicações do trato gastrintestinal (35,3% e instabilidade hemodinâmica (32,3%. Procedimentos foram o motivo mais frequente para interrupção da nutrição enteral (44,1%. Não houve associação entre a adequação às diretrizes com estado nutricional, tempo de internação, gravidade ou evolução. CONCLUSÃO: Embora expressivo o número de pacientes sépticos que iniciaram a nutrição enteral precocemente, metas calóricas e proteicas no 3º dia da internação foram atingidas apenas pela metade destes, percentual que diminui no 7º dia.OBJECTIVE: Evaluate the compliance of septic patients' nutritional management with enteral nutrition guidelines for critically ill patients. METHODS: Prospective cohort study with 92 septic patients, age ≥18 years

  20. Índices de gravidade em unidade de terapia intensiva adulto: avaliação clínica e trabalho da enfermagem Severity indexes in an adult intensive care unit: clinical evaluation and nursing work

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alessandra Teixeira Dias

    2006-09-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: As Unidades de Terapia Intensiva (UTI são locais de atendimento de pacientes graves ou de risco, que dispõem de assistência ininterrupta. Proporcionar qualidade de atendimento aos pacientes da UTI é um desafio profissional para quem gerencia a área de recursos humanos. Além disso, é importante conhecer o risco do paciente de UTI e garantir a melhor utilização dos recursos. Os índices de gravidade visam caracterizar os pacientes de UTI utilizando algumas variáveis (enfermidade, terapêutica, carga de trabalho de enfermagem. O objetivo deste estudo foi elencar os índices de gravidade utilizados na tratamento intensivo e classificá-los de acordo com a sua finalidade. MÉTODO: Foi realizado um levantamento bibliográfico (MedLine, utilizando as palavras-chave: "Scoring systems and ICU". Os artigos selecionados foram adquiridos no acervo da biblioteca da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP e no acervo da biblioteca da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP, no período de março a maio de 2005. Livros e teses que contemplam o tema também foram utilizados. RESULTADOS: Foram identificados sete Índices de Avaliação da Carga de Trabalho da Equipe de Enfermagem TISS ,TISS-28, TOSS, NEMS, NAS, NCR11, Omega. Foram identificados 21 Índices de Avaliação do Estado Clínico dos Pacientes Killip Glasgow CRI APACHE II e III, Ranson, SS, SSS, SAPS, MLR, MPM, LIS, ARPI, SAPS (II, MPM II, ODIN, Ontário, MODS, SOFA, LOD, PSI. CONCLUSÕES: Embora os índices de avaliação da carga de trabalho de enfermagem observados sejam os de menor número, eles são de fundamental importância para a adequada caracterização da complexidade dos pacientes, e constituem uma informação fundamental para a previsão e a provisão de recursos materiais e humanos para essa unidade.BACKGROUND AND OBJECTIVES: ICU is the hospital sectors that have interrupt assistance. Assistance

  1. Nursing Activities Score e demanda de trabalho de enfermagem em terapia intensiva Nursing Activities Score y demanda de trabajo de enfermería em cuidados intensivos Nursing Activities Score and demand of nursing work in intensive care

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Illoma Rossany Lima Leite

    2012-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Medir e caracterizar a carga de trabalho de enfermagem em Unidade de Terapia Intensiva (UTI por meio da aplicação do Nursing Activities Score (NAS. MÉTODOS: Estudo descritivo quantitativo, retrospectivo, realizado em uma das UTIs de um Hospital Filantrópico de Teresina- PI, de setembro a outubro de 2010, com amostra de 66 pacientes. Foram realizadas 285 medidas do escore NAS. RESULTADOS: Quanto à carga de trabalho de enfermagem, foi verificada uma média do escore total do NAS de 68,1% (51,5% e 108,3%, correspondendo à porcentagem de tempo gasto pelo profissional de enfermagem na assistência direta ao paciente nas 24 horas. Houve correlação estatística entre NAS e desfecho clínico (p= 0,001. Já entre NAS e tempo de internação (p= 0,073 e NAS e idade (p=0,952, não houve significância estatística. CONCLUSÃO: Os resultados mostraram que os pacientes apresentaram elevada necessidade de cuidados, refletida pela média elevada do NAS.OBJETIVO: Medir y caracterizar la carga de trabajo de enfermería en una Unidad de Cuidados Intensivos (UCI por medio de la aplicación del Nursing Activities Score (NAS. MÉTODOS: Estudio descriptivo cuantitativo, retrospectivo, realizado en una de las UCIs de un Hospital Filantrópico de Teresina-PI, de setiembre a octubre del 2010, con una muestra de 66 pacientes. Se realizaron 285 medidas del score NAS. RESULTADOS: En cuanto a la carga de trabajo de enfermería, se verificó una media del score total del NAS del 68,1% (51,5% e 108,3%, correspondiendo al porcentaje de tiempo gastado por el profesional de enfermería en la asistencia directa al paciente en las 24 horas. Hubo correlación estadística entre NAS y deshecho clínico (p= 0,001. Ya entre NAS y tiempo de internamiento (p= 0,073 y NAS y edad (p=0,952, no hubo significancia estadística. CONCLUSIÓN: Los resultados mostraron que los pacientes presentaron elevada necesidad de cuidados, reflejada por la elevada media del NAS

  2. Riscos ocupacionais entre trabalhadores de enfermagem de uma unidade de terapia intensiva Riesgos ocupacionales entre trabajadores de enfermeria de una unidad de cuidados intensivos Occupational risks among a nursing staff working in an intensive care unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vera Médice Nishide

    2004-12-01

    Full Text Available Estudo descritivo no qual foram identificados os principais riscos ocupacionais a que estão expostos os trabalhadores de enfermagem de uma unidade de terapia intensiva. Os dados foram coletados por meio de entrevista individual, utilizando-se roteiro estruturado. Constatou-se que os trabalhadores estão expostos a riscos de acidentes relacionados aos procedimentos de assistência aos pacientes e ao ambiente laboral. Foi observado que a maioria dos trabalhadores utilizavam luvas, máscaras e aventais como barreiras de proteção, e um baixo percentual, óculos de sobrepor como medida de segurança. Concluiu-se que são necessárias mudanças no ambiente de trabalho para minimizar os riscos em procedimentos de assistência e no ambiente laboral, além de treinamento, conscientização de práticas seguras e fornecimento de dispositivos de segurança aos trabalhadores.Estudio descriptivo en el cual fueron identificados los principales riesgos ocupacionales a los que están expuestos los trabajadores de enfermería de una unidad de cuidados intensivos. Los datos fueron recolectados por medio de una entrevista individual, utilizándose un esquema estructurado. Se constató que los trabajadores están expuestos a riesgos de accidentes relacionados a los procedimientos de asistencia a los pacientes y al ambiente laboral. Fue observado que la mayoría de los trabajadores usaban guantes, máscaras y delantales como barreras de protección y un bajo porcentaje usaban anteojos de protección como medida de seguridad. El estudio dejó como conclusión la necesidad de modificaciones en el ambiente de trabajo para minimizar los riesgos en procedimientos de asistencia y del ambiente laboral, aparte del entrenamiento, concientización de prácticas seguras y ofrecimiento de dispositivos de seguridad a los trabajadores.This is a descriptive study that detected the main occupational risks to which the nursing staff working in an intensive care unit are exposed

  3. Elaboração e avaliação de um instrumento para identificar memórias referentes à Unidade de Terapia Intensiva Development and evaluation of an instrument to identify memories on the Intensive Care Unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jaquilene Barreto da Costa

    2009-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever o desenvolvimento de um instrumento para identificar as recordações de pacientes internados em Unidade de Terapia Intensiva (UTI e verificar a validade de conteúdo e a aplicabilidade do instrumento. MÉTODO: Estudo de desenvolvimento metodológico, fundamentado na teoria de elaboração de escalas psicológicas de Pasquali (1998. Para elaboração do instrumento, foram percorridas três etapas, a construção dos itens, a análise da validade de conteúdo e aparência por um painel de experts e, por fim, a realização de um estudo-piloto para verificar a aplicabilidade do instrumento na população-alvo. RESULTADOS: Houve pouca discordância entre os experts na análise das questões de acordo com os domínios do construto. Os itens foram avaliados positivamente, recebendo uma pontuação acima de 80%, valor este que obedece ao critério de validação do instrumento. Dessa forma, os itens foram considerados consistentes em relação aos domínios e ao construto, possibilitando identificar recordações das experiências vividas pelos pacientes durante sua permanência em UTI. CONCLUSÕES: Os itens propostos mostraram-se compreensíveis, claros e com uma adequada estrutura de apresentação. O instrumento apresenta validade de conteúdo atestada por um painel de experts, demonstrando possuir características teóricas para identificar memórias de pacientes internados em UTI a curto e longo prazo.OBJECTIVE: Describe the development of an instrument to identify records of their stay at the intensive care unit, and verify content validation and the applicability of the instrument. METHOD: It is a methodological study, based in Pasquali's (1998 psychological scale elaboration theory. To elaborate the instrument, three stages were followed: the built of items; appearance and content validation analysis performed by a panel of experts; together with implementation of a pilot study to validation instrument applicability in the

  4. Interação medicamentosa: conhecimento de enfermeiros das unidades de terapia intensiva Interacción medicamentosa: conocimiento de enfermeros de las unidades de cuidados intensivos Medication interaction: knowledge of nurses in intensive care units

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leila Márcia Pereira de Faria

    2011-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o conhecimento das interações medicamentosas (IMde enfermeiros que atuam em unidades de terapia intensiva de adultos, de três hospitais públicos de Goiás. MÉTODOS: Estudo descritivo, transversal. População 64 e amostra, 51 enfermeiros. Construiu-se um instrumento de coleta de dados, utilizando informações da base de dados MICROMEDEX®. RESULTADOS: Sobre o conhecimento de IM e manejo clínico, houve uma relação de acertos e erros de, aproximadamente, 50% dos enfermeiros. As duplas de medicamentos que os enfermeiros mais acertaram foram relativas a medicamentos com ação sedativa e analgésica e as que apresentaram mais erros, foram as de ação anti-infecciosa e anti-hipertensiva. CONCLUSÃO: É necessário sensibilizar autoridades e profissionais sobre a importância das IM na UTI e implementar ações para a segurança dos pacientes na terapêutica medicamentosa.OBJETIVO: Evaluar el conocimiento de las interacciones medicamentosas (IM de enfermeros que actúan en unidades de cuidados intensivos de adultos, de tres hospitales públicos de Goiás. MÉTODOS: Estudio descriptivo, transversal. Población 64 y muestra 51 enfermeros. Se construyó un instrumento de recolección de datos, utilizando informaciones de la base de datos MICROMEDEX®. RESULTADOS: Sobre el conocimiento de IM y manejo clínico, hubo una relación de aciertos y errores de, aproximadamente el 50% de los enfermeros. El par de medicamentos que los enfermeros aciertan más fueron los relativos a medicamentos con acción sedante y analgésica y los que presentaron más errores, fueron los de acción anti-infecciosa y anti-hipertensiva. CONCLUSIÓN: Es necesario sensibilizar a las autoridades y profesionales sobre la importancia de las IM en la UCI e implementar acciones para la seguridad de los pacientes en la terapéutica medicamentosa.OBJECTIVE: To evaluate adult intensive care unit (ICU nurses' knowledge of medication interactions (IM in three

  5. La muerte en un servicio de terapia intensiva: Influencia de la abstención y retiro del soporte vital Death in an intensive care unit: Influence of life support withholding and withdrawal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Gherardi

    2006-06-01

    Full Text Available Se estudió la influencia de la abstención y retiro del soporte vital en la muerte ocurrida en un servicio de Terapia Intensiva durante un período de 32 meses. Sobre 2640 pacientes ingresados se registró la conducta terapéutica en 548 muertos, clasificando la misma en cinco categorías: (i tratamiento completo, (ii tratamiento completo con orden de no resucitación (ONR, (iii abstención de soporte vital, (iv retiro de soporte vital y (v muerte cerebral. Hubo limitación terapéutica de soporte vital en el 45.6% (n= 250 con un predominio importante de la abstención (ONR y abstención en el 32.6% respecto del retiro de soporte vital (8.2%. Del estudio comparativo con otras estadísticas surge el hallazgo de un porcentaje global de limitación terapéutica media cercana a comunidades con una cultura similar, aunque con una incidencia de retiro (8.2% manifiestamente inferior a la registrada en todos los países cualesquiera fuera su actitud frente a la necesidad de establecer diversos grados de control sobre el recurso tecnológico en el paciente crítico. Deberá indagarse la influencia que tiene la percepción moral del dejar de actuar, como un proceder inconveniente en nuestra sociedad, en los resultados observados.The influence of life support withholding and withdrawal on the deaths which occurred in an Intensive Care Unit (ICU over a period of 32 months was analysed. Of 2640 patients admitted in ICU, one of the following five mutually exclusive categories was registered on the 548 patients who died: (i complete treatment; (ii complete treatment with non-resuscitation order (NRO; (iii withholding of life-sustaining treatment; (iv withdrawal of life-sustaining treatment; and (v brain death. There was therapeutic limitation of life support in 45.6% of cases (n=250, with an important majority of withholding (NRO and withholding in 32.6% of cases, in comparison to withdrawal of life support (8.2% of cases. The comparative analysis with other

  6. Flora fúngica no ambiente da Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica e Neonatal em hospital terciário Environmental fungal flora in Pediatric and Neonatal Intensive Care Units at a tertiary hospital

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lívia Lopes S. de Melo

    2009-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: As infecções nosocomiais são responsáveis por morbidade e mortalidade significativas no período neonatal. Considerando-se a preocupação com a qualidade do ar de áreas críticas como Unidades de Terapia Intensiva (UTI, foi realizado um levantamento da flora fúngica das UTI Pediátrica e Neonatal do Hospital das Clínicas Samuel Libânio, Pouso Alegre (MG, com a finalidade de identificar a presença de fungos potencialmente patogênicos e oportunistas. MÉTODOS: Foram realizadas 30 coletas, que incluíram leitos, incubadoras, janelas, aparelhos de ar condicionado, telefone, estetoscópios, portas e maçanetas. Placas de Agar Sabouraud Dextrose com o material das coletas foram incubadas em temperatura ambiente por 15 dias. A identificação foi baseada nas características macroscópicas no exame direto e em microcultivos. RESULTADOS: Fungos potencialmente patogênicos e toxigênicos foram isolados. A análise quantitativa das colônias revelou a presença de 11 gêneros. Verificou-se que mais de 40% das colônias correspondem ao gênero Penicillium spp, seguido por Cladosporium spp e Chrysosporium spp. CONCLUSÕES: Os fungos encontrados podem apresentar grande potencial de patogenicidade, principalmente em imunodeprimidos. É importante adotar medidas de controle ambiental, como assepsia dos equipamentos, controle da presença de visitantes, lavagem das mãos pelos funcionários e troca de filtros de ar condicionado.OBJECTIVE: Nosocomial infections lead to significant morbidity and mortality in the neonatal period. Considering the concern regarding air quality in critical hospital areas, such as Intensive Care Units (ICU, this study aims to identify the presence of potentially pathological fungi in the Pediatric and Neonatal Intensive Care Unit of the Samuel Libânio Hospital in Pouso Alegre, Minas Gerais, Brazil. METHODS: Thirty samples were collected in the following areas: surface of beds, incubators, windows, air

  7. Caracterização das Unidades de Terapia Intensiva do município de São Paulo Caracteristics of intensive care units in Sao Paulo city - Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Miako Kimura

    1997-08-01

    Full Text Available Este estudo constitui-se numa parte inicial de um Projeto Integrado que visa analisar os recursos estruturais das UTIs do Município de São Paulo, incluindo o ambiente físico, recursos humanos, equipamentos e materiais. Os aspectos analisados neste artigo referem-se às características destas Unidades quanto à sua quantidade e distribuição geográfica, número de leitos, entidade mantenedora, tipo de atendimento, de clientela e de tratamento, assim como as médias de ocupação e de permanência. Por amostragem casual estratificada, foram selecionados 40% dos hospitais com UTI de cada uma das regiões integrantes do SUS no Município. A amostra estudada foi de 43 UTIs e o instrumento para coleta de dados foi um questionário respondido pelo enfermeiro responsável pela Unidade. O número de UTIs nos hospitais variou de 1 a 4 , sendo mais frequentes aqueles com urna única Unidade (68,8%. 79,2% das UTIs pertenciam a hospitais particulares e 51,2% localizavam-se na região centro-oeste do Município. Os leitos de terapia intensiva corresponderam a 8,0% do total de leitos hospitalares. Cada Unidade tinha, em média, 10 leitos. Predominaram as UTIs gerais (60,5%, as destinadas somente a pacientes adultos (51,2% e as que atendiam tanto a pacientes clínicos como cirúrgicos ( 95,3%. Na maioria das Unidades, a porcentagem de ocupação mensal dos leitos foi de 80 a 100% e a média de permanência, de 4,5 dias.This study is the first part in a series of the articles reporting results of a project conducted to analyse the structural resources of ICUs in São Paulo city. This article describes the characteristics of those Units, considering the quantity and geographic location, bed number, maintainer entity, type of assistance, type of client, as well the percentage of beds usage and lenght of stay. Forty three ICUs were analysed and a questionnaire answered by the ICU nurse coordinator was used to collect data. The results showed that the number

  8. Mecânica pulmonar de pacientes em suporte ventilatório na unidade de terapia intensiva. Conceitos e monitorização Concepts and monitoring of pulmonary mechanic in patients under ventilatory support in intensive care unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eduardo Antonio Faustino

    2007-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Em ventilação mecânica invasiva e não-invasiva, o conhecimento da fisiologia da mecânica respiratória, é imprescindível para tomada de decisões e no manuseio eficiente dos ventiladores modernos. A monitorização dos parâmetros da mecânica pulmonar é recomendada nos trabalhos de revisão e de pesquisas clínicas. O objetivo deste estudo foi rever os conceitos de mecânica pulmonar e os métodos utilizados para obtenção de medidas à beira do leito, enfatizando três parâmetros: resistência, complacência e PEEP intrínseca. MÉTODO: Foi realizada revisão bibliográfica através dos bancos de dados LILACS, MedLine e PubMed, no período de 1996 a 2006. RESULTADOS: Esta revisão abordou os parâmetros de resistência, complacência pulmonar e PEEP intrínseca como fundamentais na compreensão da insuficiência respiratória aguda e suporte ventilatório mecânico, principalmente na doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC e na síndrome da angústia respiratória aguda (SARA. CONCLUSÕES: A monitorização da mecânica pulmonar em pacientes sob ventilação mecânica em unidade de terapia intensiva (UTI pode fornecer dados relevantes e deve ser implementada de forma sistemática e racional.BACKGROUND AND OBJECTIVES: In mechanical ventilation, invasive and noninvasive, the knowledge of respiratory mechanic physiology is indispensable to take decisions and into the efficient management of modern ventilators. Monitoring of pulmonary mechanic parameters is been recommended from all the review works and clinical research. The objective of this study was review concepts of pulmonary mechanic and the methods used to obtain measures in the bed side, preparing a rational sequence to obtain this data. METHODS: It was obtained bibliographic review through data bank LILACS, MedLine and PubMed, from the last ten years. RESULTS: This review approaches parameters of resistance, pulmonary compliance and intrinsic PEEP

  9. Terminalidade e condutas de final de vida em unidades de terapia intensiva pediátrica Terminal ill children and dnd-of-life practices in the pediatric intensive care units

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Miranda Lago

    2007-09-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Analisar e discutir os aspectos médicos relacionados a terminalidade e cuidados de final de vida oferecidos a crianças internadas, principalmente, em unidades de terapia intensiva pediátrica (UTIP no Brasil e em alguns países do hemisfério norte. CONTEÚDO: Foram selecionados artigos sobre cuidados de final de vida publicados nos últimos 20 anos na PubMed, MedLine e LILACS com ênfase nos estudos sobre morte em UTIP no Brasil, América Latina, Europa e Norte América, usando as palavras-chave: morte, bioética, tratamento intensivo pediátrico, reanimação cardiopulmonar e limitação de suporte de vida. CONCLUSÕES: Observou-se maior incidência de limitação de suporte vital (LSV ~60% nas UTIP Norte-Americanas e européias que na América Latina (30%-40%. No Brasil a LSV tem diferentes incidências de acordo com a região, tendo aumentado na última década de 6% para 40%, sendo a ordem de não reanimar a forma mais freqüente. A participação da família no processo decisório no nosso meio é desestimulada e muito incipiente. Baseados na literatura revisada e em sua experiência os autores apresentam as medidas que consideram mais eficazes e recomendadas no seu manuseio. Apesar da LSV em crianças em fase final de doença irreversível ter amparos ético, moral e legal; essas medidas são ainda adotadas de forma tímida. Entre as mudanças urgentes neste comportamento, destaca-se a necessidade do envolvimento da família no processo decisório.BACKGROUND AND OBJECTIVES: To analyze and discuss the medical practices related to the end-of-life care provided to children admitted to pediatric intensive care unit (PICU in Brazil and in some countries located in the northern hemisphere. CONTENTS: Selected articles on end-of-life care published during the last years searching the PubMed, MedLine and LILACS database, with special interest on studies of death conducted in pediatric intensive care units in Brazil

  10. A importância da atuação odontológica em pacientes internados em unidade de terapia intensiva Importance of dental work in patients under intensive care unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Teresa Márcia Nascimento de Morais

    2006-12-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Em unidade de terapia intensiva (UTI, a pneumonia nosocomial é responsável por altas taxas de morbidade, mortalidade e aumento expressivo dos custos hospitalares, sendo que seu estabelecimento se dá mais comumente pela aspiração do conteúdo presente na boca e faringe. O objetivo deste estudo foi buscar dados na literatura sobre a participação da condição bucal no estabelecimento da pneumonia nosocomial. CONTEÚDO: A higiene bucal deficiente é comum em pacientes internados em UTI, o que propicia a colonização do biofilme bucal por microrganismos patogênicos, especialmente por patógenos respiratórios. Os estudos mostram claramente que a quantidade de biofilme bucal em pacientes de UTI aumenta com o tempo de internação, paralelamente também ocorre aumento de patógenos respiratórios que colonizam o biofilme bucal, sendo esse um reservatório importante de patógenos. CONCLUSÕES: Apesar de hipóteses bem fundamentadas que estreitam as relações entre infecções pulmonares e a condição bucal, os estudos ainda não estão completamente definidos. Diante de fortes possibilidades de que estas hipóteses sejam verdadeiras, se faz necessário à aquisição e manutenção da saúde bucal, além de maior integração da Odontologia e da Medicina, visando o tratamento global dos pacientes, a prevenção de doenças e maior humanização dos pacientes internados em UTI.BACKGROUND AND OBJECTIVES: In the intensive care unit, the nosocomial respiratory infection is responsible for high rates of morbidity, mortality and expressive increase in hospitals costs. Its establishment feels more commonly by the aspiration of the content present within the mouth and the pharynx. Thus we intended to review the literature on the participation of the oral condition in the establishment of the nosocomial respiratory infection. CONTENTS: Deficient oral hygiene is common in patients under intensive care, which provides the

  11. Desafios para a humanização do cuidado em uma unidade de terapia intensiva neonatal cirúrgica Challenges for humanization of care in a surgical neonatal intensive care unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Denyse T. C. Lamego

    2005-09-01

    Full Text Available Este estudo analisa cuidados ambientais e relações de atendimento em Unidade de Terapia Intensiva Neonatal Cirúrgica, refletindo sobre potencialidades e obstáculos para promoção de cuidado humanizado. A pesquisa, realizada em uma instituição de nível terciário, utilizou o método da observação participante enfocando, por cinco meses, relações profissional-bebê, profissional-responsável e mãe-bebê. Foram observadas rotinas contemplando condições ambientais e necessidades de bebês e famílias, e estratégias para redução de ruído e luminosidade, com diferentes níveis de efetividade. O consolo e bem-estar dos bebês eram proporcionados por suporte do corpo e uso da sucção não-nutritiva. Tais condutas não eram sistematizadas e revelaram contradições e ambigüidades. O acesso dos pais era incentivado, porém sinais de dificuldades como medo, insegurança e estresse na relação pais-bebês, indicaram necessidade de ampliação dos cuidados dirigidos à família. Posturas e práticas em UTIs Neonatais são permeadas por conflitos, negociações e adaptações ao trabalho, constituindo um desafio à construção de um modelo assistencial humanizado, que alie diferentes tecnologias, respeito e acolhimento às necessidades intersubjetivas de pacientes e profissionais e reconhecimento das lógicas culturais das famílias.This study analyze the environmental cares and the assistance human relations in a surgical neonatal intensive care unit, reflecting about potentialities and obstacles for the promotion of a humanized care. The research, accomplished in an Unit of tertiary level used the method of participant observation focusing, for five months, the human relations professional-baby, professional-parents and mother-baby. Routines contemplating environmental conditions and needs of babies and families, and strategies for noise and brightness reduction were observed, with different levels of effectiveness. The comfort and

  12. Adesão à técnica de lavagem de mãos em Unidade de Terapia Intensiva Neonatal Compliance with hand washing technique in a Neonatal Intensive Care Unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariana Reclusa Martinez

    2009-06-01

    Full Text Available OBJETIVO:Avaliar o cumprimento da técnica de lavagem das mãos empregadas em uma unidade de terapia intensiva neonatal (UTIN pelos profissionais de saúde e visitantes. MÉTODOS: Estudo prospectivo e observacional em uma UTIN universitária em Santos (SP. Observações foram feitas nos períodos da manhã e da tarde por um período de sete meses. Os dados foram coletados por dois estudantes de medicina em planilha específica. As pessoas observadas não sabiam da natureza do trabalho. Para comparar os resultados obsevados entre categorias profissionais e entre períodos de observação, utilizou-se o teste do qui-quadrado ou exato de Fisher, com duas abordagens: a análise por intenção de tratar (considerando o número total de indivíduos e assumindo que aqueles que não lavaram as mãos adotaram o procedimento incorreto e b análise por protocolo (apenas aqueles que lavaram as mãos foram considerados. Rejeitou-se a hipótese de nulidade se pOBJECTIVE:To evaluate the hand washing technique employed by health professionals and visitors of patients treated in a Neonatal Intensive Care Unit (NICU. METHODS: A prospective observational study was performed in the NICU of a teaching hospital in Santos, São Paulo, Brazil. The evaluation was made during seven months, with mornings and afternoons observations. Data were collected by two medical students. Observed people were not informed of the objective of the research. Two approaches were used to compare the hand washing technique: a analysis by intention to treat, considering individuals who did not wash their hands as using an inadequate technique and b by protocol analysis, considering only those who washed their hands. The chi-square or Fisher's exact tests were used to compare the groups and p<0.05 was adopted in all tests to reject the null hypothesis. RESULTS: 43 observations were performed, which lasted about 30 minutes each, being 20 in the morning and 23 in the afternoon. We observed six

  13. Retirada do leito após a descontinuação da ventilação mecânica: há repercussão na mortalidade e no tempo de permanência na unidade de terapia intensiva?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thiago Rios Soares

    2010-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever a freqüência de retirada do leito em pacientes submetidos à ventilação mecânica e sua repercussão na mortalidade e no tempo de permanência na unidade de terapia intensiva. MÉTODOS: Estudo longitudinal, retrospectivo, realizado com os pacientes submetidos à ventilação mecânica. Avaliadas variáveis clínicas e epidemiológicas, condutas motoras relacionadas à retirada do leito, tempo de permanência e mortalidade. RESULTADOS: Foram estudados 91 pacientes com média de idade de 62,5± 18,8 anos, predomínio do gênero feminino (52% e tempo de permanência na unidade de terapia intensiva de 07 dias (IC 95%, 8-13 dias. Considerando a retirada ou não do leito, não foi observada diferença entre os grupos quanto ao tempo de permanência na unidade de terapia intensiva. Observou-se que os pacientes que foram retirados do leito possuíam menor gravidade clínica. A taxa de mortalidade foi de 29,7%, sendo que o grupo que não foi retirado do leito apresentou maior mortalidade real e prevista. CONCLUSÕES: Os pacientes retirados do leito após a descontinuação da ventilação mecânica apresentaram menor mortalidade. Sugere-se que, cada vez mais, seja estimulada a realização de mobilização precoce e da retirada do leito na unidade de terapia intensiva.OBJECTIVE: To describe the withdrawal of the bed frequency in mechanic ventilation patients and its impact on mortality and length of stay in the intensive care unit. METHODS: This was a retrospective cohort study in mechanical ventilation patients. Clinical and epidemiological variables, withdrawal of bed related motor therapy, intensive care unit length of stay and mortality were evaluated. RESULTS: We studied 91 patients, mean age of 62.5± 18.8 years, predominantly female (52% and mean intensive care unit length of stay of 07 days (95% CI, 8-13 days. Considering the withdrawal of the bed or not, no difference was observed between groups regarding length of stay

  14. Desenvolvimento e validação de teoria fundamentada em dados sobre o ambiente de unidade de terapia intensiva Desarrollo y validación de la teoría fundamentada sobre el medio ambiente de la unidad de cuidado intensivo Development and validation of the theory based on data about the environment of the intensive care unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marli Terezinha Stein Backes

    2011-12-01

    Full Text Available Estudo qualitativo que partiu da questão: como vêm sendo construídas as teorias e modelos de cuidado de enfermagem, focalizando o processo de construção da teoria substantiva, referente à Tese que teve como objetivos compreender o significado do ambiente de cuidados em Unidade de Terapia Intensiva e construir um modelo teórico sobre ele. O método utilizado foi a Grounded Theory. Realizaram-se 39 entrevistas com 47 sujeitos diferenciados de três Unidades de Terapia Intensiva Adulto, em Florianópolis/SC, Santa Maria/RS e Pelotas/RS, entre junho de 2009 a setembro de 2010. A teoria "Sustentando a vida no ambiente complexo de cuidados em Unidade de Terapia Intensiva" foi delimitada por oito categorias. Conclui-se que sustentar a vida no ambiente de Unidade de Terapia Intensiva significa investir intensivamente no cuidado de pacientes instáveis, com auxílio de tecnologias diferenciadas e profissionais capacitados, trabalhando em equipe, onde se convive com estresse/conflitos e dificuldades para lidar com a morte.Estudio cualitativo, empieza con la pregunta: ¿cómo se construyen las teorías y modelos de atención de enfermería, centrándose en el proceso de construcción de la teoría sustantiva de la Tesis cuyo objetivo fue comprender el significado del entorno de la atención en la Unidad de Cuidados Intensivos y construir un modelo teórico sobre el mismo. Se utilizó la Teoría Fundamentada. Se realizaron 39 entrevistas a 47 sujetos de 3 Unidades de Cuidado Intensivo Adulto, en Florianópolis/SC, Santa Maria/RS y Pelotas/RS, entre junio de 2009 y septiembre de 2010. Se construyó una teoría de "mantenimiento de la vida en el complejo entorno de la atención en la unidad de cuidados intensivos", definida por 8 categorías. Sostener la vida en el entorno de la Unidad de Cuidados Intensivos significa invertir intensamente en el cuidado de los pacientes ingresados y que no se encuentran en una situación estable, con la ayuda de

  15. Presença da família nas unidades de terapia intensiva pediátrica e neonatal: visão da equipe multidisciplinar Presencia de la familia en las unidades de terapia intensiva pediátrica y neonatal: visión del equipo multidisciplinar Family presence in the pediatric and neonatal intensive therapy unit: the view of the multidisciplinary team

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosemeire Cristina Moretto Molina

    2007-09-01

    Full Text Available O presente estudo tem por objetivo compreender a visão da equipe multidisciplinar quanto à presença da família nas Unidades de Terapia Intensiva (UTI pediátrica e neonatal. A pesquisa teve como eixo norteador a abordagem qualitativa. Para a análise e interpretação dos dados, optou-se pela análise de conteúdo. Os dados foram coletados em junho de 2006, por meio de entrevista semi-estruturada junto a 25 profissionais atuantes nas UTI pediátrica e neonatal de dois hospitais na região noroeste do Estado do Paraná. Do discurso destes profissionais, desvelou-se o conflito íntimo vivenciado por cada um com relação à presença da família nas unidades. Conclui-se que o primeiro passo para a mudança e melhor aceitação dos familiares dentro da UTI é sensibilizar os profissionais quanto à importância da presença da família para a criança em momentos de crise, como na hospitalização.El presente estudio tiene por objetivo comprender la visión del equipo multidisciplinar en cuanto a la presencia de la família en las Unidades de Cuidados Intensivos (UCI pediátricos y neonatal. La investigación ha tenido como eje norteador el abordaje cualitativo. Para el análisis e interpretación de los datos, se optó por el análisis de contenido. Los datos fueron colectados en junio de 2006, por medio de encuesta semiestructurada junto a los profesionales actuantes en las unidades de cuidados intensivos pediátricos y neonatal de dos hospitales en la región noroeste de la provincia de Paraná. Veinticinco profesionales fueron informantes. De los discursos de estos profesionales, se desveló el conflicto íntimo vivido por cada uno com relación a la presencia de la familia en estas unidades. Sensibilizar a los profesionales para la importancia de la familia, en la vida del niño en momentos de crisis, como en la hospitalización es el primer paso para una mudanza de comportamiento y una mejor aceptación de los familiares dentro de las UCI

  16. Clonidina como droga adjuvante no tratamento da síndrome de abstinência alcoólica em unidade de terapia intensiva: relato de caso Clonidina como droga coadyuvante en el tratamiento de la síndrome de abstinencia alcohólica en unidad de terapia intensiva: relato de un caso Clonidine as adjuvant therapy for alcohol withdrawal syndrome in intensive care unit: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leandro Gobbo Braz

    2003-12-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A sedação de dependentes de álcool e drogas em Unidades de Terapia Intensiva (UTI é um desafio pela elevada incidência de tolerância às drogas sedativas e da elevada freqüência de síndromes de abstinência. O objetivo deste relato é mostrar um caso de paciente jovem admitido na UTI que desenvolveu síndrome de abstinência alcoólica e tolerância às drogas sedativas, solucionadas somente após o uso de clonidina. RELATO DO CASO: Paciente do sexo masculino, 18 anos, dependente de álcool, tabaco, cocaína e maconha, vítima de acidente por arma de fogo, foi admitido na UTI no 1º dia de pós-operatório de enterectomia, após aspiração de conteúdo gástrico durante reintubação traqueal. Evolução clínica: drogas vasoativas até o 4º dia de internação e broncopneumonia bilateral com derrame pleural e necessidade de ventilação artificial até o 15º dia. O esquema de sedação inicial utilizado foi a associação de midazolam e fentanil. A partir do 4º dia, o paciente apresentou vários episódios de agitação psicomotora, mesmo com a associação de lorazepam no 6° dia. No 9° dia, o paciente recebeu as maiores doses dos fármacos, mas permanecia agitado. Optou-se pela associação de dexmedetomidina, que reduziu as doses das outras drogas em 35% e diminuiu a agitação. No 12° dia, o midazolam e a dexmedetomidina foram substituídos pela infusão de propofol, com piora do quadro. No 13° dia, foi associada clonidina ao esquema de sedação, com resolução do quadro de agitação. No 14° dia, o propofol foi suspenso, sendo mantida a infusão de fentanil e reintroduzida a infusão de midazolam, com doses respectivamente 75% e 65% menores em relação ao pico de uso destas drogas. No 15° dia, o paciente foi extubado e teve alta da UTI. CONCLUSÕES: A droga de escolha para o tratamento da síndrome de abstinência alcoólica é o benzodiazepínico. Entretanto, no presente relato, somente o

  17. Enfermedad respiratoria grave en terapia intensiva durante la pandemia por el virus de influenza A (H1N1 2009 Severe respiratory disease in an intensive care unit during influenza A(H1N12009 pandemia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Aquino-Esperanza

    2010-10-01

    Full Text Available Se describen pacientes hospitalizados en una unidad de terapia intensiva por enfermedad respiratoria aguda grave con características de influenza durante los primeros meses de la pandemia por influenza A(H1N1 2009 en la Argentina. Evaluamos datos clínicos, scores de gravedad, pruebas de laboratorio, microbiología y radiología torácica al ingreso, evolución y mortalidad hospitalaria, comparando pacientes con y sin confirmación de H1N1 por test de reacción de polimerasa en cadena, transcriptasa reversa (RT-PCR. Entre junio y julio de 2009 se internaron 31 pacientes adultos con una mediana de edad de 54 años (percentilo 25-75: 33-66. Presentaron test positivo para H1N1, 17 pacientes. Tenían al menos una condición concurrente 16 pacientes. La expresión radiográfica más frecuente fue infiltrados intersticio-alveolares bilaterales en 20 casos; 5 tenían consolidación lobar unilateral. La coinfección bacteriana (aislamiento de bacterias o IgM positiva para infecciones bacterianas, se demostró en 21 pacientes. Requirieron ventilación mecánica 23 pacientes y 18 desarrollaron síndrome de distrés respiratorio agudo (SDRA. La linfopenia y elevación de creatinina-fosfoquinasa fue frecuente (83% y 65%, respectivamente. Los 6 pacientes que murieron (19% eran mayores de 75 años o tenían cáncer o inmunodepresión. El tratamiento antiviral temprano (≤ 48 horas se asoció a menor necesidad de ventilación mecánica (54% vs. 89%; p: 0.043. No hubo diferencia significativa en las variables analizadas entre el grupo H1N1 positivo y el negativo, lo que sugiere tener igual enfoque terapéutico frente a una epidemia. La infección por H1N1 determinó falla respiratoria aguda y SDRA. La mortalidad ocurrió en pacientes añosos o con co-morbilidades graves.We describe characteristics of patients admitted to our intensive care unit with severe acute respiratory illness and influenza-like syndrome during the first months of the pandemic influenza

  18. Médicos plantonistas de unidade de terapia intensiva: perfil sócio-demográfico, condições de trabalho e fatores associados à síndrome de burnout Intensive care unit physicians: socio-demographic profile, working conditions and factors associated with burnout syndrome

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dalton de Souza Barros

    2008-09-01

    Full Text Available OBJETIVOS: A síndrome de Burnout é uma reação de estresse excessivo relacionada ao trabalho que se apresenta em três dimensões: exaustão emocional, despersonalização e ineficácia. O objetivo deste estudo foi descrever o perfil de médicos plantonistas de unidades de terapia intensiva e avaliar os fatores associados à presença de síndrome de Burnout nessa população. MÉTODOS: Estudo descritivo de corte transversal, avaliando os médicos que trabalham em unidades de terapia intensiva adulto de Salvador-BA com carga mínima de 12 horas de plantão semanal. Foi distribuído um questionário auto-aplicável dividido em duas partes: a primeira referente a características sóciodemográficas e a segunda composta da avaliação da síndrome de Burnout através do Maslach Burnout Inventory. RESULTADOS: Foram avaliados 297 plantonistas, sendo 70% homens. A média de idade e de tempo de formado foi de 34,2 e 9 anos, respectivamente. Níveis elevados de exaustão emocional, despersonalização e ineficácia foram encontrados em 47,5%, 24,6% e 28,3%, respectivamente. A prevalência da síndrome de Burnout, considerada como nível elevado em pelo menos uma dimensão, foi de 63,3%. Esta prevalência foi significativamente menor nos médicos que possuíam título de especialista em medicina intensiva, com mais de nove anos de formado e que ainda pretendem trabalhar por mais de 10 anos em unidades de terapia intensiva. A prevalência foi maior nos médicos com mais de 24 horas de plantão ininterrupto em terapia intensiva por semana. CONCLUSÕES: A prevalência de síndrome de Burnout foi elevada entre os médicos avaliados, sendo mais freqüente nos plantonistas mais jovens, com elevada carga de trabalho e sem especialização em medicina intensiva.OBJECTIVES: Burnout syndrome is a response to prolonged occupational stress that involves three main dimensions: emotional exhaustion, depersonalization, and reduced personal accomplishment. The aim

  19. Interferências na absorção de levotiroxina e dificuldades no manuseio de pacientes com hipotireoidismo na unidade de terapia intensiva: relato de dois casos e revisão de literatura Levothyroxine absorption and difficult management of hypothyroid patients in the intensive care unit: two case reports and a literature review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Lúcia Marinho Vinagre

    2011-06-01

    Full Text Available Inúmeros fatores podem influenciar a absorção da levotiroxina nos pacientes hipotireoideos, especialmente medicações e administração concomitante com alimentos. Nos pacientes internados em unidade de terapia intensiva, estes fatores são mais evidentes, principalmente em função da dieta enteral contínua além de diversas medicações que podem interferir na sua absorção. Alterações adaptativas no eixo hipotálamo-hipófise-tireóide e alterações clínicas comumente presentes em pacientes críticos que podem ter contribuição de um hipotiroidismo não tratado se associam tornando ainda mais difícil o manuseio da reposição de levotiroxina. Relatamos dois casos de pacientes com hipotiroidismo internados em unidade de terapia intensiva, com suas respectivas abordagens para reposição de levotiroxina, levantando questões controversas como: qual a dose ideal de reposição, velocidade no incremento das doses, necessidade de associação com triiodotironina, interferência da dieta enteral na absorção, e finalmente as possíveis conseqüências de um hipotiroidismo não tratado e as formas clínicas e laboratoriais para monitorizar as doses hormonais administradas.Levothyroxine absorption in hypothyroid patients can be influenced by several factors, particularly medications and concomitant food administration. This is especially evident in intensive care unit patients, where a continual enteral diet and the administration of multiple medications changes its absorption. Changes or adaptations in the hypothalamic-pituitary-thyroid axis, in conjunction with clinical abnormalities possibly related to under-treatment of hypothyroidism, render levothyroxine replacement therapy very challenging. Here, we report two intensive care hypothyroidism patients and their respective levothyroxine replacement management issues, focusing on a number of controversial issues, such as the optimal replacement dose, how fast the levothyroxine doses

  20. Perfil dos pacientes com lúpus eritematoso sistêmico, internados na unidade de terapia intensiva de um hospital universitário de Fortaleza Characteristics of patients with systemic lupus erythematosus admitted to the intensive care unit in a brazilian teaching hospital

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Denison de Oliveira Couto

    2008-09-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Face à demanda de nosso serviço, buscamos descrever as características e a evolução dos pacientes com lúpus eritematoso sistêmico (LES internados na unidade de terapia intensiva do Hospital Universitário Walter Cantídio. MÉTODOS: Os pacientes foram, retrospectivamente, caracterizados quanto aos dados demográficos, tempo de diagnóstico da doença, disfunções orgânicas e exames laboratoriais à admissão, suportes terapêuticos usados durante a internação, tempo de internação hospitalar prévio à admissão, tempo de permanência na unidade, reinternações e desfecho evolutivo. Foram avaliados os escores Systemic Lupus Erythematosus Disease Activity (SLEDAI e Acute Physiological and Chronic Health Evaluation II (APACHE II à admissão, a mortalidade prevista e a razão de mortalidade padronizada. RESULTADOS: No período de novembro de 2003 a outubro de 2006, 1.052 pacientes foram admitidos à UTI, 50 (4,75% dos quais com LES. Houve predomínio do sexo feminino (88,2%, com média de idade de 30,3 ± 12,8 anos. A mediana do tempo de diagnóstico da doença foi de 67 meses. As disfunções mais prevalentes à admissão foram: renal (70,6%, cardiovascular (61,8%, respiratória (55,9% e neurológica (55,9%. As principais disfunções motivadoras da admissão na unidade de terapia intensiva foram: respiratória (38,2%, cardiovascular (29,4% e neurológica (29,4%. Os tratamentos mais utilizados foram: hemocomponentes (44,1%, fármacos vasopressores (41,2%, ventilação mecânica (35,3% e diálise (23,5%. A média do SLEDAI foi 15 ± 12,2 pontos e a do APACHE II foi 19,3 ± 6,8 pontos, com mortalidade prevista de 37,6%. Registrou-se óbito de 20,6% após 48 horas na unidade de terapia intensiva e 8,8%, com menos de 48h. A razão de mortalidade padronizada foi 0,78. Os pacientes com APACHE II maior que 18 pontos, com mais de três disfunções orgânicas, leucopenia (menor que 4.000 mm³ e acometimento gastrintestinal ou

  1. Pacientes com infecção por vírus A (H1N1 admitidos em unidades de terapia intensiva do Estado do Paraná, Brasil Outcome of influenza A (H1N1 patients admitted to intensive care units in the Paraná state, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Péricles Almeida Delfino Duarte

    2009-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a evolução, características clínico-epidemiológicas e fatores de gravidade em pacientes adultos admitidos com diagnóstico de infecção por vírus A(H1N1 em unidades de terapia intensiva públicas e privadas no Estado do Paraná, sul do Brasil. MÉTODOS: Estudo coorte de análise de prontuários de pacientes com idade superior a 12 anos admitidos em 11 unidades de terapia intensiva de 6 cidades no Estado do Paraná (Brasil, durante um período de 45 dias, com diagnóstico de gripe suína. O diagnóstico de infecção por vírus A(H1N1 foi feito através de real time -polimerase chain reaction (RT-PCR da secreção nasofaríngea, ou de forte suspeita clínica quando descartadas outras causas (mesmo com RT-PCR negativo. Foi feita estatística descritiva e análise com teste chi quadrado, para comparação entre porcentagens e teste t de student para variáveis continuas, com análise univariada, admitindo-se como significante um p30. A média do escore Acute Physiologic Chronic Heatlh Evaluation II (APACHE II foi de 15,0 ± 8,1. A mortalidade na unidade de terapia intensiva foi de 39,7%. Os principais fatores associados a essa mortalidade foram exame positivo no teste RT-PCR, níveis baixos de relação PaO2/FiO2 inicial, níveis elevados de uréia e desidrogenase lática iniciais, nível de pressão expiratória final positiva necessária, necessidade de posição prona e de drogas vasopressoras. CONCLUSÕES: Pacientes admitidos em unidades de terapia intensiva com infecção por vírus A(H1N1 apresentaram alto risco de óbito, particularmente devidos ao comprometimento respiratório. O exame RT-PCR positivo, níveis de uréia e de desidrogenase láctica, além baixa PaO2/FiO2 e necessidades de PEEP alta, foram relacionados com uma maior mortalidade.OBJECTIVE: This study aimed to analyze outcome, clinical and epidemiological characteristics and severity factors in adult patients admitted with a diagnosis of infection by

  2. Lesão renal aguda induzida por contraste: importância dos critérios diagnósticos para estabelecer a prevalência e o prognóstico na unidade de terapia intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edmilson Leal Bastos de Moura

    2017-09-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo: Estabelecer se há superioridade entre os critérios para predizer desfecho clínico desfavorável na lesão renal aguda e nefropatia induzidas por contraste. Métodos: Estudo retrospectivo conduzido em hospital terciário com 157 pacientes submetidos à infusão de contraste radiológico para fins propedêuticos. Resultados: Cumpriram os critérios para inclusão 147 pacientes. Aqueles que cumpriram os critérios de lesão renal aguda induzida por contraste (59 também cumpriram os critérios para nefropatia induzida por contraste (76; 44,3% dos pacientes cumpriram os critérios para o estadiamento pelo sistema KDIGO; 6,4% dos pacientes necessitaram utilizar terapia de substituição renal, e 10,7% dos pacientes morreram. Conclusão: O diagnóstico de nefropatia induzida por contraste foi o critério mais sensível para determinar a necessidade de terapia de substituição renal e óbito, enquanto o KDIGO demonstrou a maior especificidade; na população avaliada, não houve correlação entre o volume de contraste e a progressão para lesão renal induzida por contraste, nefropatia induzida por contraste, diálise de suporte ou óbito.

  3. Staff cost in direct nursing care at an intensive care unit Costo de los profesionales en la atención directa de enfermería en la unidad de cuidados intensivos Custo de pessoal na assistência direta de enfermagem em unidade de terapia intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandra Cristina Ribeiro Telles

    2007-10-01

    de terapia intensiva. Optou-se pela utilização de um índice de intervenções terapêuticas, TISS-28, para análise da gravidade indireta dos pacientes e dimensionamento do tempo de trabalho da equipe de enfermagem. Evidenciou-se, neste trabalho, que o custo com pessoal é variável, pois há pacientes com complexidades bem diferentes, sendo possível, por meio da avaliação da carga de trabalho da equipe de enfermagem, estabelecer estimativas individuais de seu custo. Neste estudo o TISS-28 médio por paciente foi de 31 pontos, demandando custo diário de horas de assistência de enfermagem de R$ 298,69. Apurar o custo por um índice de gravidade mostrou-se método lógico e relativamente simples de alocação de custos por paciente em unidade de terapia intensiva.

  4. Obstinação terapêutica em Unidade de Terapia Intensiva: perspectiva de médicos e enfermeiros Obstinación terapéutica en Unidades de Cuidado Intensivo: perspectiva de médicos y enfermeros Therapeutic obstinacy at an Intensive Care Unit: perspective from doctors and nurses

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Karla Cristiane Oliveira Silva

    2012-12-01

    Full Text Available O tema obstinação terapêutica ainda é insuficientemente estudado no Brasil, sobretudo pela enfermagem. Este estudo objetivou compreender as representações sociais de médicos e enfermeiros sobre o investimento excessivo no paciente terminal em Unidade de Terapia Intensiva Adulto. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, exploratório-descritiva, fundamentada na Teoria das Representações Sociais. Os dados foram coletados por meio de entrevista focalizada e observação participante e interpretados pela análise de conteúdo. A seleção de cinco enfermeiros e oito médicos para concederem as entrevistas ocorreu por conveniência, a partir das escalas de serviço. Concluiu-se que estes profissionais constroem suas representações sociais sobre obstinação terapêutica partindo dos pedidos obstinados da família do paciente terminal para instituir medidas fúteis; das dificuldades de tomadas de decisão e da ausência de critérios quanto aos investimentos; e do receio das repercussões ético-legais em relação às decisões tomadas.El tema obstinación terapéutica aún es insuficientemente estudiado en Brasil, principalmente en la enfermería. Este estudio objetivó comprender las representaciones sociales de médicos y enfermeros sobre la inversión excesiva en pacientes terminales en una Unidad de Terapia Intensiva Adulta. Se trata de una investigación cualitativa, exploratoria-descriptiva, fundamentada en la Teoría de las Representaciones Sociales. Los datos fueron colectados por medio de entrevistas focalizadas y observación participante, utilizando el Análisis de Contenido para su interpretación. La selección de los cinco enfermeros y ocho médicos para realizar las entrevistas se dio por conveniencia a partir de las escalas de servicio. Se concluye que estos profesionales, construyen sus representaciones sociales sobre la obstinación terapéutica partiendo de los pedidos obstinados del familiar del paciente terminal para

  5. Internação em unidade de terapia intensiva: percepção de pacientes La hospitalización en la unidad de cuidados intensivos: la visión de los pacientes que experimentaron Hospitalization in the intensive care unit: overview of patients who experienced

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Michele de Oliveira Proença

    2011-06-01

    Full Text Available Estudo com abordagem qualitativa que objetivou compreender, a partir da perspectiva do paciente adulto, a experiência de se vivenciar uma internação em Unidade de Terapia Intensiva (UTI, de modo a contribuir para melhoria na qualidade da assistência e facilitar a adaptação em um ambiente tão estigmatizado. Os dados foram coletados na UTI de um hospital do sudoeste de São Paulo. Foram entrevistados dez pacientes, e identificadas temáticas relacionadas à percepção prévia da UTI; diferenciação com a assistência nos setores de internamento; tecnologia e assistência especializada; alterações ambientais e de hábitos em UTI. Inicialmente, os informantes relacionavam a UTI com a terminalidade e passaram a retratar o setor como local para o tratamento e recuperação, passando a ter uma visão positiva do ambiente de terapia intensiva.Estudio cualitativo tuvo como objetivo entender, desde la perspectiva de um paciente adulto, la experiência de experimentar una estância em Unidad de Cuidados Intensivos (UCI, contribuyendo asi para mejorar la calidad de la atención y facilitar la adaptación en un entorno tan estigmatizada. Los datos fueron recolectados em una UCI de un hospital el suroest de São Paulo. Fueron entrevistados diez pacientes y se identificaron lãs cuestiones relacionadas con la percepción anterior de la UCI, la diferenciación con la asistencia en lãs zonas de reubicación, la tecnologia y la asistencia de expertos, y los câmbios ambientales de los hábitos en la UCI. Inicialmente, los informantes relacionados con la UCI con los enfermos terminales y empezó a retratar a la industria como un lugar para el tratamiento y recuperación, de tal modo que tiene una visión positiva del entorno de cuidados intensivos.Qualitative based study aimed to understand, from the perspective of a adult patient, the experience of staying in an Intensive Care Unit (ICU, thus contributing to quality improvement of care and facilitate

  6. Tecnologia em ambiente de terapia intensiva: delineando uma figura-tipo de enfermeiro La tecnología en un ambiente de cuidados intensivos: delineando una figura-tipo de enfermero Technology in an intensive care unit: delineation of a figure- type of the nurse

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael Celestino da Silva

    2011-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever as características da figura-tipo de enfermeiro para atuar em ambientes de terapia intensiva, tomando como referência as representações sociais elaboradas sobre a tecnologia. MÉTODOS: Como referencial, aplicou-se a teoria das representações sociais. Pesquisa de abordagem qualitativa, com realização de entrevistas e com 11 enfermeiros novatos e 13 veteranos análise de conteúdo temático. RESULTADOS: Os sentidos atribuídos ao ambiente, cliente e cuidado a partir da representação social da tecnologia, demandaram a necessidade de uma figuratipo de enfermeiro, caracterizada por qualidades pessoais, como postura pró-ativa, equilíbrio emocional, habilidade de comunicação/relacionamento; técnicas, como capacidade de observação e liderança, rapidez, dinamismo, habilidades técnicas e expressivas, para trabalhar no cenário da terapia intensiva. CONCLUSÕES: A competência clínica nas unidades críticas suscita avaliação das habilidades cognitivas e psicomotoras do enfermeiro.OBJETIVO: Describir las características de la figura-tipo de enfermero para actuar en ambientes de cuidados intensivos, tomando como referencia las representaciones sociales elaboradas sobre la tecnología. MÉTODOS: Se aplicó la teoria de las representaciones sociales como referencial. Se trata de una investigación con abordaje cualitativo, realizado con entrevistas a 11 enfermeros novatos y 13 veteranos y análisis de contenido temático. RESULTADOS: Los sentidos atribuidos al ambiente, cliente y cuidado a partir de la representación social de la tecnología, demandaron la necesidad de una figura-tipo de enfermero, caracterizada por cualidades personales, como postura proactiva, equilibrio emocional, habilidad de comunicación/relacionamiento; técnicas, como capacidad de observación y liderazgo, rapidez, dinamismo, habilidades técnicas y expresivas, para trabajar en el escenario Del cuidado intensivo. CONCLUSIONES: La competencia

  7. Pathogenic factors and antimicrobial resistance of Staphylococcus epidermidis associated with nosocomial infections occurring in intensive care units Fatores de patogenicidade e resistência a antimicrobianos em Staphylococcus epidermidis associados a infecções nosocomiais em unidades de terapia intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lessandra Michelim

    2005-03-01

    Full Text Available Nosocomial infections constitute an important problem in hospitals, intensive care units (ICU having the highest incidence of this type of infection. Staphylococci, especially Staphylococcus epidermidis and Staphylococcus aureus, are among the most important microorganisms associated with nosocomial infections. S. epidermidis is a common skin resident, and can be introduced into the clinical environment by patients and hospital staff. The situation in hospitals is aggravated by the emergence of multiresistant strains. We evaluated 98 hospital S. epidermidis isolates collected at neonatal, pediatric and adult ICUs and 20 S. epidermidis control skin resident isolates from healthy volunteers, for resistance to ten antibiotics and chemotherapeutic agents, and other pathogenicity factors. A high frequency (76.5% of multiresistance was detected in clinical isolates, whereas community isolates were resistant to penicillin and ampicillin only. The frequency of multiresistant strains was 67.7% in the neonatal ICU, 66.6% in the pediatric ICU and 60.8% in the adult ICU, the lower frequency of multiresistant isolates in the adult ICU indicates a higher incidence of community strains in this unit. There were significantly higher frequencies of hemolytic, proteolytic and biofilm-forming isolates in the clinical isolates than the community isolates, indicating a higher incidence of strains with pathogenic potential in the hospital environment. Except for slight correlation with hemolytic activity there was no correlation between antibiotic multiresistance and pathogenicity factors.As infecções nosocomiais constituem um importante problema em hospitais, sendo que as unidades de terapia intensiva (UTI apresentam a maior incidência deste tipo de infecções. Os estafilococos, especialmente S. epidermidis e S. aureus, estão entre os microrganismos mais importantes associados às infecções nosocomiais. S. epidermidis é uma espécie colonizante da pele, sendo

  8. Professional competences of nurse to work in Intensive Care Units: an integrative review Competencias profesionales de los enfermeros para trabajar en Unidades de Cuidados Intensivos: una revisión integradora Competência profissional do enfermeiro para atuar em Unidades de Terapia Intensiva: uma revisão integrativa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvia Helena Henriques Camelo

    2012-02-01

    Full Text Available This study aimed to identify and analyze nurses' competences to work at Intensive Care Units-ICU. An integrative review method was used, and data were collected in LILACS, SciELO and BDENF, from August to October 2010. Ten articles were identified, published in the last 12 years. Data grouping permitted the construction of thematic units related to nurses' competences: nursing care management, high-complexity nursing care delivery, decision making, leadership, communication, continuing/permanent education, human resource management, material resource management. The professional competences identified can support the outline of guidelines to constitute the profile of nursing working in intensive care units and drive/mobilize the improvement of nursing care practices.Este estudio tuvo como objetivo identificar y analizar las competencias de las enfermeras para actuar en Unidades de Cuidados Intensivos-UCI. Se utilizó el método de revisión integradora, y la recolección de datos se realizó a través de la base de datos LILACS, SciELO BDENF, entre agosto y octubre de 2010. Se identificaron 10 artículos, y el cotejo de los datos permitió la construcción de las siguientes unidades temáticas relacionadas con las habilidades de las enfermeras: gestionar los cuidados de enfermería, realizar los cuidados de enfermería más complejos, la toma de decisiones, el liderazgo, la comunicación, la educación continua y permanente y la gestión de recursos humanos y materiales. Las habilidades identificadas en este estudio sirven como una guía para formar el perfil de la enfermera que trabaja en unidades de cuidados intensivos-UCI y por lo tanto representan la línea de orientación que puede aumentar/movilizar la mejoría de las prácticas de atención recibidas por este profesional.Este estudo teve como objetivo analisar as competências profissionais dos enfermeiros em Unidades de Terapia Intensiva (UTI. Utilizou-se o método de revis

  9. Significado do processo de enfermagem para enfermeiros de uma unidade de terapia intensiva: uma abordagem interacionista Significado del proceso de enfermería para enfermeros de una unidad de cuidados intensivos: un enfoque interactivo The meaning of the nursing process for nurses of intensive therapy units: an interactionist approach

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Albertisa Rodrigues Alves

    2008-12-01

    Full Text Available O estudo teve como objetivo compreender o significado da prática do Processo de Enfermagem para enfermeiros de uma unidade de terapia intensiva. Utilizamos o interacionismo simbólico e análise temática como referencial teórico-metodológico. Fizeram parte do estudo sete enfermeiros de unidade de terapia intensiva que vivenciam esta prática em um hospital público da cidade de Fortaleza, Ceará. A coleta de dados foi realizada no período de 01 de maio a 30 de agosto de 2006, por meio da observação participante e entrevista semi-estruturada. Os resultados mostraram a interação social dos enfermeiros com os demais profissionais, os significados do processo de enfermagem e opiniões para a melhoria na UTI. A compreensão da experiência dos enfermeiros possibilitou reconhecer que as vivências são contraditórias e os significados são manifestados e expressos através da auto-interação e interação com outras pessoas.El estudio tuvo como objetivo comprender el significado de la práctica del Proceso de Enfermería según enfermeros de una unidad de cuidados intensivos. Utilizamos la interacción simbólica y el análisis temático como referencial teórico metodológico. Fueron parte del estudio siete enfermeros de la unidad de cuidados intensivos, quienes son parte de esta práctica en un hospital público de la ciudad de Fortaleza, Ceará. La recolección fue realizada durante el 01 de mayo al 30 de agosto del 2006, a través de la observación participativa y la entrevista semiestructurada. Los resultados mostraron la interacción social de los enfermeros con los demás profesionales, los significados del proceso de enfermería y las opiniones para mejorar la atención en la UCI. Comprender la experiencia de los enfermeros permitió reconocer que las vivencias son contradictorias y los significados son manifestados y expresados a través de la auto-interacción e interacción con otras personas.The study aimed at comprehending the

  10. Vivências paternas durante a hospitalização do recém-nascido prematuro na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal Experiencias paternas durante la hospitalización del recién nacido prematuro en la Unidad de Cuidados Intensivos Neonatal Fathers' experiences during the hospitalization of the premature newborn in the Neonatal Intensive Care Unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciano Marques dos Santos

    2012-10-01

    Full Text Available Este estudo objetivou compreender as vivências paternas durante a hospitalização do recém-nascido prematuro na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal de um hospital público de Feira de Santana, Bahia. Trata-se de um estudo descritivo, exploratório e qualitativo, aprovado por Comitê de Ética em Pesquisa e realizado com nove pais, na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal de um hospital público. Os dados foram analisados através da Análise de Conteúdo, os quais apontaram que os partos prematuros causam sentimentos de surpresa, angústia e medo nos pais. É preciso repensar como ocorre a inserção dos pais do prematuro no processo de hospitalização, bem como mudanças nas rotinas estabelecidas para a visita e participação paterna no contexto do cuidado ao prematuro.Este estudio tuvo como objetivo comprender la experiencia de los padres durante la hospitalización de los bebés prematuros en la Unidad Neonatal de Cuidados Intensivos de un hospital público en Feira de Santana, Bahia. Se trata de un estudio descriptivo y cuantitativo, aprobado por el Comité de Ética en Investigación y actuó en la Unidad de Cuidados Intensivos Neonatales de un hospital público de Bahia, con nueve padres. Los datos fueron analizados utilizando el análisis de contenido que muestran que los nacimientos prematuros causan sentimientos de sorpresa en los padres, de dolor y de miedo. Tenemos que repensar cómo se está insertando a los padres de bebés prematuros en las cuestiones de la hospitalización y los cambios en las rutinas establecidas para la visita y la participación del padre en el contexto de la atención precoz.This study aimed to understand the fathers' experiences during the hospitalization of premature newborn in the Neonatal Intensive Care Unit at a public hospital in Feira de Santana, Bahia. This is a qualitative descriptive exploratory study that was approved by the Ethics Committee of the Faculty of Technology and Sciences, and

  11. II Fórum do "Grupo de Estudos do Fim da Vida do Cone Sul": definições, recomendações e ações integradas para cuidados paliativos na unidade de terapia intensiva de adultos e pediátrica II Forum of the "End of Life Study Group of the Southern Cone of America": palliative care definitions, recommendations and integrated actions for intensive care and pediatric intensive care units

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rachel Duarte Moritz

    2011-03-01

    Full Text Available Cuidado paliativo é uma forma de abordagem que visa a melhoria da qualidade de vida de pacientes e seus familiares que enfrentam doenças ameaçadoras à vida, através da prevenção, da identificação e do tratamento precoces dos sintomas de sofrimento físico, psíquico, espiritual e social. Todo paciente criticamente enfermo deve receber cuidados paliativos desde a internação, o que torna de primordial importância a educação e o treinamento dos intensivistas para a implantação destes cuidados nas unidades de terapia intensiva, tanto para atendimento de adultos como pediátrico. Em continuidade aos planos da Câmara Técnica de Terminalidade e Cuidados Paliativos da Associação de Medicina Intensiva Brasileira e, levando em consideração o conceito previamente apontado, foi realizado em outubro de 2010, durante o Congresso Brasileiro de Terapia Intensiva, o IIºForum do "Grupo de Estudos do Fim da Vida do Cone Sul", com o objetivo de elaborar recomendações pertinentes aos cuidados paliativos a serem prestados aos pacientes críticamente enfermos.Palliative care is aimed to improve the quality of life of both patients and their family members during the course of life-threatening diseases through the prevention, early identification and treatment of the symptoms of physical, psychological, spiritual and social suffering. Palliative care should be provided to every critically ill patient; this requirement renders the training of intensive care practitioners and education initiatives fundamental. Continuing the Technical Council on End of Life and Palliative Care of the Brazilian Association of Intensive Medicine activities and considering previously established concepts, the II Forum of the End of Life Study Group of the Southern Cone of America was conducted in October 2010. The forum aimed to develop palliative care recommendations for critically ill patients.

  12. Implantação da Escala de Braden em uma unidade de terapia intensiva de um hospital universitário Implementación de la Escala de Braden en una unidad de cuidados intensivos de un hospital universitario Introduction of the Braden Scale in an intensive care unit of a university hospital

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Taline Bavaresco

    2011-12-01

    Full Text Available Estudo prospectivo, longitudinal, que teve por objetivos implantar a Escala de Braden (EB como instrumento de predição de risco para úlcera por pressão (UP e analisar os resultados do seu uso em uma unidade de terapia intensiva. A amostra foi de 74 pacientes, os dados coletados por instrumento contendo a EB, analisados pela estatística descritiva simples. Encontrou-se 58 (78,37% pacientes com escore Estudio prospectivo, longitudinal, con el objetivo poner en ejecución la Escala de Braden (EB como instrumento de predicción del riesgo de úlceras por presión (UP y analizar los resultados en una unidad de cuidados intensivos. La muestra fue de 74 pacientes, los datos recogidos por el instrumento con la EB, analizados por estadística descriptiva simple. Encontramos 58 (78,37% pacientes con una puntuación This is a prospective and longitudinal study which aimed to introduce the Braden Scale (BS as an instrument to predict the risk of pressure ulcer (PU, and to analyze the results of its use in an intensive care unit. The sample was of 74 patients and the data were obtained by an instrument containing BS. Such data were analyzed by a simple descriptive statistic. 58 patients (78.37% had a score < 13 and PU incidence of 25.67%. In 45 patients (60.80%, BS was daily filled in. From these patients, 5 (11.10% developed PU. In 29 patients (39.10%, BS was not daily filled in. From these patients, 14 (48.20% showed PU. Results showed the efficiency of BS, which allowed identifying patients with PU risk. The difficulties of using BS refer to the periodic filling, which shows the need to educate and prepare nurses to use BS in the care of patients.

  13. Depression prevalence in Intensive Care Unit nursing workers: a study at hospitals in a northwestern city of São Paulo State Prevalencia de depresión en trabajadores de enfermería de Unidades de Terapia Intensiva: estudio en hospitales de una ciudad del noroeste del Estado de Sao Paulo Prevalência de depressão em trabalhadores de enfermagem de Unidade de Terapia Intensiva: estudo em hospitais de uma cidade do noroeste do Estado São Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Divane de Vargas

    2011-10-01

    Full Text Available This study aimed to estimate the prevalence of depression in nursing staff working in Intensive Care Units of hospitals from a city in Northwestern São Paulo State - Brazil, examining its association with participants' socio-demographic characteristics. The Beck Depression Inventory was applied to a sample of 67 nursing workers from three general hospitals, showing an 28.4% prevalence of depression. The analysis based on the multiple model showed a significant association between depression and marital status (OR=1.52, night work (OR=1.46 and double shifts (OR=2.11. Also, there were significant percentages of workers who reported discouragement, sadness and hopelessness. In conclusion, the prevalence of depression is significant and more attention should be paid to this problem workers at these units face. Further studies are needed in the attempt to broaden knowledge on the subject, which can support strategies to guarantee attention to ICU nursing workers' physical and mental health needs.Este estudio fue realizado con el objetivo de estimar la prevalencia de depresión, en trabajadores de enfermería de Unidades de Terapia Intensiva (UTI de hospitales de una ciudad del Noroeste del estado de Sao Paulo, analizando su asociación con las características sociodemográficas de los participantes. Se aplicó el Inventario de Depresión de Beck a una muestra de 67 trabajadores de enfermería de tres hospitales generales; se observó una prevalencia de 28,4% de depresión. El análisis por el modelo múltiple demostró asociación significativa entre depresión y estado civil (OR=1,52, trabajo nocturno (OR=1,46 y doble jornada (OR=2,11, fueron significativos también los porcentajes de trabajadores que relataron desanimo, tristeza y desesperanza. Se concluye que es significativa la prevalencia de depresión y que se debe dar mayor atención a ese problema enfrentado por los trabajadores de esas unidades. Se sugiere la realización de otros estudios

  14. Perfil epidemiológico de dezesseis anos de uma unidade de terapia intensiva pediátrica A sixteen-year epidemiological profile of a pediatric intensive care unit, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Roberto Einloft

    2002-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Revisar e descrever os dados epidemiológicos dos pacientes admitidos em uma unidade de terapia pediátrica brasileira (UTIP e compará-los aos aspectos clínicos associados aos índices de gravidade e mortalidade. Descrever as características desses pacientes, incluindo os dados demográficos, prevalência de doenças, índices de mortalidade e fatores associados. MÉTODOS: Os dados foram coletados retrospectivamente de todos os pacientes admitidos na UTIP de um hospital universitário entre 1978 e 1994. Os dados foram expressos em percentagens e comparados pelo teste qui-quadrado, calculando-se o risco relativo (RR com um intervalo de confiança de 95%, considerando-se um pOBJECTIVE: To review epidemiological data from patients admitted to a Pediatric Intensive Care Unit (PICU, Brazil, and to compare them to medical aspects associated to disease severity and mortality. Also, to profile these patients, including demographic data, disease prevalence, mortality rates and associated factors. METHODS: Retrospective data were collected from all patients admitted in a PICU of a university hospital between 1978 and 1994. Data were presented as percentages and compared using Chi-square, and calculating the relative risk (RR with a 95% confidence interval, p<0.05. RESULTS: Of 13, 101 patients selected, most of them were boys (58.4%, younger than 12 months of age (40.4%, well-nourished (69.5%, and with clinical disease (73.1%. The general mortality rate was 7.4%. Patients aged less than 12 months showed a RR of 1.86 (CI 1.65 - 2.10; p<0.0001, while the RR of malnutrition was 2.98 (CI 2.64 - 3.36; p<0.0001. CONCLUSIONS: The epidemiological survey showed that the mortality is higher in malnourished children younger than 12 months of age. Sepsis was the most main cause of death.

  15. Exposição ao ruído tecnológico em cti: estratégias coletivas de defesa dos trabalhadores de enfermagem La exposición al ruido tecnológico en un centro de terapia intensiva: estrategias colectivas para la defensa de los trabajadores de enfermería Exposure to noise technology in an intensive therapy center: collective strategies for the defense of workers in nursing

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elias Barbosa de Oliveira

    2009-03-01

    Full Text Available Estudo descritivo com abordagem qualitativa que objetivou identificar e analisar as estratégias coletivas de defesa elaboradas pelos trabalhadores de enfermagem diante do ruído tecnológico em Centro de Terapia Intensiva (CTI. Participaram do estudo 25 trabalhadores de enfermagem de um hospital universitário situado no município de Niterói (RJ em 2004. Na coleta de dados, utilizou-se a entrevista semi-estruturada mediante um roteiro, e, no tratamento dos dados, a análise de conteúdo revelou os seguintes resultados: o ruído tecnológico gera incômodo e estresse. Para minimizar o sofrimento, os trabalhadores elaboram estratégias coletivas de defesa que os mantêm trabalhando. Conclui-se que as estratégias coletivas de defesa podem se caracterizar num fator que resulta em alienação, ocultando a compreensão real do contexto de trabalho. As ações preventivas e as mudanças a serem implementadas em relação ao ruído no CTI devem ser pautadas na participação dos trabalhadores e se reverterem em melhoria das condições de trabalho e bem-estar do grupo.Estudio descriptivo con un enfoque cualitativo diseñado para analizar las estrategias colectivas de la defensa elaboradas pelos trabajadores de enfermería frente al sonido tecnológico en un centro de terapia intensiva. Veinticinco profesionales de la enfermería de un centro de terapia intensiva del Hospital Escuela en Niteroi (RJ participaron en el estudio en 2004. Para la recolección de datos, una entrevista semi estructurada fue utilizada. Los datos fueron analizados a través de una análisis de contenido que mostraran los resultados: los trabajadores elaboran estrategias colectivas de defensa que permiten trabajar. Estas estrategias muestran un conocimiento que permite a los individuos seguir trabajando, ya que crea formas adaptativa para contrarrestar el sonido en el ambiente de trabajo, buscando continuamente ser sujetos de la situación de trabajo. Adicionalmente

  16. Pacientes clínicos referenciados, mas não internados na Unidade de Terapia Intensiva: prevalência, características clínicas e prognóstico Referred medical patients not admitted to the Intensive Care Unit: prevalence, clinical characteristics and prognosis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Rodolfo Rocco

    2006-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A evolução dos pacientes cuja internação é negada nos centros de terapia intensiva (CTI é pouco conhecida. Os objetivos deste estudo foram comparar as características dos pacientes internados com aqueles que não foram internados em CTI e identificar os fatores associados com o processo de triagem para a internação. MÉTODO: Foi realizado um estudo do tipo coorte prospectiva e observacional durante 26 meses. Os dados dos pacientes foram coletados através de um formulário padronizado para a solicitação de internação no CTI. Os desfechos de interesse do estudo foram a internação no CTI e a evolução hospitalar. RESULTADOS: Foram estudados 455 pacientes dos quais 254 (56% foram internados e 201 (44% não; a maioria destes, por falta de vagas (82%. Os pacientes não internados apresentaram maior letalidade (85% versus 61%; p 70 anos [4,0(2,4-6,5], cirrose hepática [3,7(1,8-7,5], e escala de coma de Glasgow BACKGROUND AND OBJECTIVES: Information on the outcomes of patients who were refused to the ICU is limited. The aims of this study were to compare the clinical characteristics of patients who were admitted with those of patients who were refused to the ICU and to identify clinical parameters associated with triage procedures. METHODS: Observational prospective cohort study. The following data were collected using a standard questionnaire: comorbidities, acute illness, vital status, laboratory data and APACHE II score. The end-points of interest were admission to the ICU and vital status at hospital discharge. RESULTS: A total of 455 patients were studied; 254 (56% were admitted and 201 (44% were not. The main reason for the refuse of admission was the lack of ICU beds (82%. Patients who were not admitted had a higher mortality (85% vs. 61%; p 70 years [4.0(2.4-6.5], hepatic cirrhosis [3.7(1.8-7.6], and Glasgow coma scale < 5 [3.6(1.9-6.9]. The variables associated with ICU admission were: mechanical

  17. Neonatal and pediatric intensive care in Rio de Janeiro State, Brazil: an analysis of bed distribution, 1997 and 2007 Terapia intensiva neonatal e pediátrica no Rio de Janeiro, Brasil: distribuição de leitos e análise comparativa de equidade em 1997 e 2007

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Arnaldo Prata Barbosa

    2011-01-01

    Full Text Available The objective of this study was to describe the characteristics of neonatal and pediatric intensive care units (ICU and beds in Rio de Janeiro, correlating with population demands in 1997 and 2007. All neonatal and pediatric ICUs were visited, identifying the availability and type of beds. Comparisons were made between: supply and demand using projected need for beds for the population; public and private ICUs; and geographical regions. In 2007, 95 units were included totaling 1,094 beds (74 units and 1,080 beds in 1997: 51% public and 48% private (47% and 52% in 1997; 47% neonatal, 18% pediatric and 35% mixed units. Most units were located in the metropolitan area. The distribution of public and private beds was similar in the metropolitan area in both periods; in the interior, public beds tripled. Access has improved, mainly in the interior, but there is still no equity in the distribution of and accessibility to the available beds, with a shortage in the public sector, an excess in the private sector, and a great concentration in the metropolitan area.Descrever as características das unidades de terapia intensiva (UTI neonatais e pediátricas e leitos no Rio de Janeiro, Brasil, correlacionando com demandas da população em 1997 e 2007. UTIs neonatais e pediátricas foram visitadas, identificando-se o tipo e disponibilidade de leitos. Foram feitas comparações entre: a oferta e a demanda projetada da necessidade de leitos para a população, a natureza pública ou privada das UTIs e regiões geográficas. Em 2007, 95 unidades foram incluídas, totalizando 1.094 leitos (74 e 1.080 leitos em 1997: 51% públicas e 48% privadas (47% e 52% em 1997; 47% neonatais, 18% pediátricas e 35% mistas. A maioria estava localizada na região metropolitana. A distribuição dos leitos públicos e privados foi semelhante na região metropolitana em ambos os períodos, no interior os públicos triplicaram. O acesso melhorou, principalmente no interior, mas

  18. Carga de trabalho de enfermagem em Unidade de Terapia Intensiva de um hospital de ensino Carga de trabajo de enfermería en una Unidad de Cuidados Intensivos de un hospital de enseñanza Nursing workload in an intensive care unit of a teaching hospital

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcia Raquel Panunto

    2012-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a carga de trabalho de enfermagem em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI - adulto e descrever o perfil dos pacientes, nela, internados. MÉTODOS: estudo descritivo com o uso do Nursing Activities Score - NAS durante 33 dias em uma UTI com capacidade para 18 leitos. RESULTADOS: Foram 574 observações, obtidas do registro de 107 pacientes e a média da pontuação do NAS foi de 62,2%. CONCLUSÃO: O NAS constitui-se em um importante instrumento para mensurar a carga de trabalho de enfermagem em UTI, uma vez que contempla diversas atividades de enfermagem realizadas no dia a dia da assistência. Ressalta-se a importância de tornar sua aplicação parte do cotidiano do enfermeiro.OBJETIVO: Evaluar la carga de trabajo de enfermería en una Unidad de Cuidados Intensivos (UCI - adulto y describir el perfil de los pacientes, internados en ella. MÉTODOS: estudio descriptivo realizado con el uso del Nursing Activities Score - NAS durante 33 días en una UCI con capacidad para 18 camas. RESULTADOS: Se efectuaron 574 observaciones, obtenidas del registro de 107 pacientes y el promedio de la puntuación del NAS fue de 62,2%. CONCLUSIÓN: El NAS se constituye en un importante instrumento para mensurar la carga de trabajo de enfermería en la UCI, ya que contempla diversas actividades de enfermería realizadas en el dia a dia de la asistencia. Se resalta la importancia de que su aplicación sea parte del cotidiano del enfermero.OBJECTIVE: To evaluate nursing workload in an adult intensive care unit (ICU, and to describe the profile of patients admitted to that unit. METHODS: A descriptive study using the Nursing Activities Score (NAS for 33 days in an ICU with a capacity of 18 beds. RESULTS: 574 observations were obtained from the registry of 107 patients, and the mean NAS score was 62.2%. CONCLUSION: The NAS is in an important tool for measuring nursing workload in ICUs, as it considers various nursing activities performed in daily care

  19. Assistência em enfermagem na perspectiva da clínica ampliada em unidade de terapia intensiva Atención en enfermería en la perspectiva de clínica ampliada en la Unidad de Cuidados Intensivos Nursing care in the perspective of clinical enlarge in the Intensive Care Unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana de Freitas Campos

    2011-03-01

    Full Text Available Este artigo tem como objetivo refletir sobre a assistência em enfermagem na perspectiva da clínica ampliada em Unidade de Terapia Intensiva (UTI. O estudo caracteriza-se como reflexão. A ampliação da clínica prevê um olhar ao ser humano considerando seu aspecto biológico associado à subjetividade de cada caso em particular por meio de uma abordagem integral, interdisciplinar e compartilhada. Faz-se necessário que ações conjuntas de uma equipe interdisciplinar modifiquem o cenário da UTI, local onde o modelo hegemônico historicamente se perpetua. Na enfermagem a responsabilidade com o indivíduo, seu bem-estar e o ambiente fazem parte de sua prática sendo possível uma participação efetiva e uma mudança da prática hegemônica para uma clínica ampliada.En este artículo se pretende reflexionar sobre los cuidados de enfermeria a la vista de la clínica ampliada en la Unidad de Cuidados Intensivos (UCI. El estudio se caracteriza por la reflexión. La expansión de la clínica ofrece un vistazo a la hora de considerar su aspecto biológico humano de la subjetividad asociada a cada caso particular por un enfoque integral, interdisciplaria y compartida. Es necesario que los esfuerzos conjuntos de un equipo interdisciplinario para modificar la configuración de la UCI, donde históricamente se perpetúa el modelo hegemónico. En la enfermería la responsabilidad con el individuo, su bienestar y el medio ambiente son parte de su práctica puede ser una participación efectiva y una modificación de la práctica hegemónica de una clínica ampliada.This article aims to reflect on nursing care in view of the expanded clinic in the Intensive Care Unit (ICU. The study is characterized as a reflection. The expansion of the clinic provides a look at when considering their human biological aspect of subjectivity associated with each particular case by an integral approach, interdisciplinary and shared. It is necessary that joint efforts of

  20. Análisis clínico-epidemiológico de la portación intestinal de enterococos resistentes a vancomicina en una unidad de terapia intensiva Clinical and epidemiologic analysis of intestinal tract colonization with vancomycin-resistant enterococci in an intensive care unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.M. Togneri

    2005-03-01

    Full Text Available En un período de cinco meses y 25 días se investigó la portación intestinal de enterococos resistentes a vancomicina (EVR. Se estudiaron 124 pacientes (73% de 171 admitidos en la unidad de terapia intensiva (UTI, 35 de los cuales (28% resultaron ser portadores. Los aislamientos de EVR (n=35 fueron identificados como Enterococcus faecium (n=18, Enterococcus gallinarum (n=16 y Enterococcus raffinosus (n=1. Todos los aislamientos estudiados fueron resistentes a vancomicina (VAN (CIM90= 512 µg/ml y teicoplanina (CIM90= 32 µg/ml y portaban el gen vanA. Los estudios de tipificación molecular mostraron un alto grado de homología entre los aislamientos de E. faecium (un clon dominante y E. gallinarum (dos tipos clonales, sugiriendo su diseminación a modo de brote. No se encontraron diferencias significativas con la edad y el sexo de los pacientes no portadores (p>0,05, pero si con el tiempo de hospitalización y el uso de esquemas antibióticos de amplio espectro (pIntestinal tract colonization with vancomycin resistant enterococci (VRE was studied during five months and 25 days. Out of 171 patients hospitalized in the intensive care unit, 124 (73% were included in this study. Thirty five of them (28% were recognized as colonized with VRE. VRE isolates (n = 35 were identified as Enterococcus faecium (n=18, Enterococcus gallinarum (n=16, and Enterococcus raffinosus (n=1. All of them were resistant to vancomycin (MIC90= 512 µg/ml and to teicoplanin (MIC90= 32 µg/ml, having the vanA gene. By means of molecular methods a high homology was found among E. faecium and E. gallinarum isolates, respectively, suggesting their spread as a kind of outbreak. No significant differences in age or sex were found among colonized and non-colonized patients (p>0.05. On the other hand, the hospitalization time and the use of broad-spectrum antibiotics were associated with colonization. From this study we highlight the importance of enhancing all measures of

  1. Nursing activities score: estudo comparativo da aplicação retrospectiva e prospectiva em unidade de terapia intensiva Nursing activities score: estudio comparativo de la aplicación retrospectiva y prospectiva en una unidad de cuidados intensivos Nursing activities score: a comparative study about retrospective and prospective applications in intensive care units

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Janzantte Ducci

    2008-01-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Analisar o desempenho do Nursing Activities Score (NAS para a medida prospectiva de carga de trabalho de enfermagem em Unidade de Terapia Intensiva (UTI e comparar os valores do NAS obtidos na aplicação prospectiva e retrospectiva do instrumento, além de verificar o grau de concordância nos itens que o compõem aplicados na forma prospectiva e retrospectiva. MÉTODOS: O NAS foi aplicado prospectiva e retrospectivamente. Para verificar a correlação e homogeneidade utilizou-se o t-student, Coeficiente de Pearson e Correlação Intraclasse (ICC. Para a concordância entre cada item utilizou-se o Kappa. RESULTADOS: Houve diferença (pOBJETIVOS: Analizar el desempeño del Nursing Activities Score (NAS para la medida prospectiva de la carga de trabajo de enfermería en una Unidad de Cuidados Intensivos (UCI y comparar los valores del NAS obtenidos en la aplicación prospectiva y retrospectiva del instrumento, además de verificar el grado de concordancia en los items que lo componen aplicados en la forma prospectiva y retrospectiva. MÉTODOS: El NAS fue aplicado prospectiva y retrospectivamente. Para verificar la correlación y homogeneidad se utilizó el t-student, Coeficiente de Pearson y Correlación Intraclasse (ICC. Para la concordancia entre cada item se utilizó el Kappa. RESULTADOS: Hubo diferença (pOBJECTIVE: To analyze the performance of the Nursing Activities Score (NAS to measure the prospective nursing workload in Intensive Care Units (ICU and to compare the NAS values obtained in prospective and retrospective applications of the instrument, in addition to verifying the degree of concordance in the items that comprise it applied prospectively and retrospectively. METHODS: NAS was applied prospectively and retrospectively. Student's t, Pearson's coefficient and Intra-class correlation (ICC were used to verify correlation and homogeneity. For agreement between each item, the Kappa coefficient was used. RESULTS: There were

  2. Fatores de risco associados à colonização por Candida spp em neonatos internados em uma Unidade de Terapia Intensiva Neonatal brasileira Risk factors associated with colonization by Candida spp in neonates hospitalized in a Neonatal Intensive Care Unit in Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raniery Martins Borges

    2009-08-01

    Full Text Available Os objetivos desse estudo foram investigar a participação de Candida albicans e não-albicans como agente de colonização e sepse, bem como os fatores de risco associados aos neonatos internados na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal do Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia. Foi realizada vigilância epidemiológica pelo sistema National Healthcare Safety Network no período entre agosto de 2007 e abril de 2008. A taxa de incidência de sepse com critério microbiológico foi de 6,7/1.000 paciente/dia, constatando-se apenas um caso de candidemia. Aproximadamente, 19% dos neonatos estavam colonizados por Candida, identificadas como Candida albicans (50% e Candida não-albicans (50%. Os fatores de risco significantes para colonização por Candida spp foram a idade gestacional entre 26 e 30 semanas, o uso prévio de antibiótico e o cateter vascular central umbilical. A mortalidade total foi de 11,8% nos neonatos internados durante o período de estudo com sepse, porém o recém-nascido com candidemia não evoluiu para óbito.The objectives of this study were to investigate the participation of Candida albicans and non-albicans as colonization and sepsis agents, along with the risk factors associated with the neonates in the neonatal intensive care unit of the clinical hospital of the Federal University of Uberlândia. Epidemiological surveillance was implemented through the National Healthcare Safety Network between August 2007 and April 2008. The incidence rate for sepsis with microbiological criteria was 6.7/1,000 patients/day, which was shown as only one case of candidemia. Approximately 19% of the neonates were colonized by Candida, which was identified as Candida albicans (50% and Candida not-albicans (50%. The significant risk factors for Candida spp colonization were gestational age of between 26 and 30 weeks, previous antibiotic use and umbilical central vascular catheter. The overall mortality among the

  3. Intubação orotraqueal: avaliação do conhecimento médico e das práticas clínicas adotadas em unidades de terapia intensiva Orotracheal intubation: physicians knowledge assessment and clinical practices in intensive care units

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Caroline Setsuko Yamanaka

    2010-06-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Avaliar o conhecimento médico sobre as técnicas de intubação e identificar as práticas mais realizadas. MÉTODOS: Estudo prospectivo, envolvendo três diferentes unidades de terapia intensiva de um hospital universitário: da anestesiologia (ANEST, da pneumologia (PNEUMO e do pronto socorro (PS. Todos os médicos que trabalham nessas unidades e que concordaram em participar do estudo, responderam um questionário contendo dados demográficos e questões sobre intubação orotraqueal. RESULTADOS: Foram obtidos 85 questionários (90,42% dos médicos. ANEST teve maior média de idade (p = 0,001, com 43,5% sendo intensivistas. Foi referido uso da associação hipnótico e opióide (97,6% e pré oxigenação (91,8%, mas apenas 44,6% referiram utilização de coxim suboccipital, sem diferença entre as UTIs. Na ANEST, referiu-se maior uso de bloqueador neuromuscular (p OBJECTIVES: To assess the physician’s knowledge on intubation techniques and to identify the common practices. METHODS: This was a prospective study, involving three different intensive care units within a University hospital: Anesthesiology (ANEST, Pulmonology (PULMO and Emergency Department (ED. All physicians working in these units and consenting to participate in the study completed a questionnaire with their demographic data and questions on orotracheal intubation. RESULTS: 85 completed questionnaires were retrieved (90.42% of the physicians. ANEST had the higher mean age (p=0.001, being 43.5% of them intensivists. The use of hypnotic and opioid association was reported by 97.6%, and pre-oxygenation by 91.8%, but only 44.6% reported sub-occipital pad use, with no difference between the ICUs. On ANEST an increased neuromuscular blockade use was reported (p<0.000 as well as increased caution with full stomach (p=0.002. The rapid sequence knowledge was restricted (mean 2.20 ± 0.89, p=0.06 between the different units. The Sellick maneuver was known by 97.6%, but 72

  4. Avaliação dos níveis álgicos de pacientes críticos em terapia intensiva, antes, durante e após sessão de fisioterapia respiratória: um estudo piloto = Evaluation of pain levels of critically ill intensive care unit patients, before, during and after a session of chest physical therapy: a pilot study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fermiano, Nathalya Tamara Costa

    2017-01-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Avaliar os níveis álgicos de pacientes críticos, antes, durante e após uma intervenção de fisioterapia respiratória. MÉTODOS: Estudo piloto realizado na Unidade de Terapia Intensiva de um hospital escola. Foram selecionados pacientes adultos entre 18 e 60 anos, sedados e em ventilação mecânica invasiva. Foram levantados dados sociodemográficos, clínicos e hemodinâmicos e aplicada a escala Behavioural Pain Scale para avaliar a dor em pacientes incapazes de serem avaliados pelo auto relato. O protocolo de fisioterapia consistiu em manobras de vibrocompressão manual em ambos os hemitórax e aspiração intratraqueal. As variáveis hemodinâmicas e a escala de dor foram analisadas em três momentos: imediatamente antes, no quinto minuto de intervenção e imediatamente após a sessão de fisioterapia. Foi aplicada estatística com teste Shapiro-Wilk e análise de variâncias (ANOVA. O nível de significância foi p≤0,05. RESULTADOS: A amostra foi composta por 22 pacientes, a maioria do sexo masculino, com média de idade de 55±23,8 anos. A doença mais frequente foi a pneumonia nosocomial. Não houve diferenças significativas nas variáveis hemodinâmicas e na avaliação da dor (p=0,78 dos pacientes críticos em nenhum dos momentos avaliados. CONCLUSÕES: Nesta amostra de pacientes críticos, internados em unidade de terapia intensiva e em ventilação mecânica invasiva, não foram detectadas alterações nos níveis de dor durante ou após uma intervenção de fisioterapia respiratória

  5. Complicações gastrointestinais e adequação calórico-protéica de pacientes em uso de nutrição enteral em uma unidade de terapia intensiva Gastrointestinal complications and protein-calorie adequacy in intensive care unit enteral nutrition patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Suzana Meira de Oliveira

    2010-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a prevalência de complicações gastrointestinais e a adequação calórico-protéica de pacientes críticos em uso de terapia de nutrição enteral. MÉTODOS: Estudo retrospectivo realizado na unidade de terapia intensiva do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco, onde foram coletados, mediante análise das fichas de acompanhamento nutricional, as complicações gastrointestinais mais freqüentes durante o período de internamento do paciente, bem como a necessidade e a oferta calórico-protéica. Considerou-se como ofertado, o volume e o tipo de fórmula efetivamente recebido pelo paciente no último dia de internamento hospitalar. Foi utilizado o programa SPSS, versão 13 para análise estatística. RESULTADOS: A amostra foi composta de 77 pacientes com idade 54,7 ± 18,1 anos e predominância do sexo feminino (54,5%. A dieta ofertada foi adequada e todos os pacientes apresentaram algum tipo de complicação gastrointestinal, sendo o retorno gástrico o mais prevalente (39%, seguido da constipação com 36,4%. CONCLUSÃO: Apesar da elevada prevalência de complicações gastrointestinais, não foi observada uma inadequação na oferta calórica-protéica. As condutas multidisciplinares frente à resolução dessas complicações necessitam ser padronizadas para que soluções precoces possam ser tomadas.OBJECTIVE: To evaluate the prevalence of gastrointestinal complications and protein-calorie adequacy in critical patients using enteral nutrition therapy. METHODS: This was a retrospective study in the intensive care unit of the Hospital das Clinicas of the Universidade Federal de Pernambuco involving analysis of nutritional records evaluating the most frequent gastrointestinal complications during the patients' hospitalization and protein-calorie supply requirements. It was considered offered, the volume and formula effectively received by the patient on the last hospitalization day. The SPSS version

  6. Análise situacional do atendimento ambulatorial prestado a recém-nascidos egressos das unidades de terapia intensiva neonatais no Estado do Rio de Janeiro Situational analysis of outpatient care for newborns discharged from neonatal intensive care units in the State of Rio de Janeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Dalva Barbosa Baker Méio

    2005-04-01

    Full Text Available A diminuição da mortalidade neonatal contribui para o aumento de crianças que necessitam de maior atenção em relação a morbidades clínicas e à evolução do desenvolvimento neuropsicomotor. O objetivo deste estudo foi discutir a situação da assistência às crianças egressas das Unidades de Terapia Intensiva Neonatais (UTIN em cinco unidades em diferentes regiões do Estado do Rio de Janeiro; em nenhuma havia informações sobre o perfil dos egressos da UTIN. Evidenciou-se restrição ao acesso e baixa estruturação da rede em relação à assistência prestada a esses bebês. Não há uniformidade no atendimento prestado, e ambulatórios específicos para essa população concentram-se na cidade do Rio de Janeiro. Constatou-se deficiência de profissionais nas áreas de reabilitação - fisioterapia motora, terapia ocupacional, fonoaudiologia e psicologia -, e de especialistas para atendimento oftalmológico adequado e para a criança portadora de deficiência auditiva. Os autores discutem possíveis explicações para essa situação, propondo a organização de um sistema de atendimento em graus de complexidade para poder viabilizar o acesso das crianças de risco a um atendimento diferenciado, importante para detecção precoce de anormalidades do desenvolvimento.The decrease in neonatal mortality contributes for the increase of children needing more attention to clinical morbidities and to neuro-psycho-motor development outcome. The objective of this study was to discuss the situation of care of children discharged from the Neonatal Intensive Care Units (NICU in five units from differents regions of the state of Rio de Janeiro. In none of them were found informations regarding the description of those discharged from the NICU. This study revealed restricted access and scarcy organization of the health network for the care of these babies. The care provided is not uniform, with a concentration of specific outpatient clinics for

  7. Validação de escalas de sedação em crianças submetidas à ventilação mecânica internadas em uma unidade de terapia intensiva pediátrica terciária Validation of sedation scores in mechanically ventilated children admitted to a tertiary pediatric intensive care unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina Friedrich Amoretti

    2008-12-01

    Full Text Available OBJETIVOS: O uso de escalas de sedação é fundamental em unidades de terapia intensiva pediátrica. A escala Comfort-Behavior é validada para avaliação de crianças, contudo, é um instrumento extenso. A escala de avaliação da atividade motora está validada para adultos, é mais simples do que a anterior e possível de ser usada em crianças. Nenhuma dessas escalas está validada na língua portuguesa. O objetivo primário deste estudo foi validar as duas escalas traduzidas para o português em crianças submetidas à ventilação mecânica. Os objetivos secundários foram avaliar o nível de sedação dos pacientes em ventilação mecânica de unidades de terapia intensiva pediátrica terciária e comparar o desempenho das duas escalas nesta população. MÉTODOS: Após a tradução para o português, as escalas foram aplicadas em 26 pacientes por dois médicos, simultaneamente. Obteve-se um total de 116 observações por escala. RESULTADOS: O coeficiente de correlação intraclasse foi 0,90 (IC95% 0,85 - 0,93 para a escala Comfort-Behavior e 0,94 (IC 95% 0,92 - 0,96 para a avaliação da atividade motora. O alfa de Crombach para o observador A ao aplicar a escala Comfort-Behvior foi 0,81 e para o observador B, 0,92. O coeficiente de Spearman para o observador A foi 0,86 e para o observador B, 0,91. As aplicações das escalas revelaram pacientes bastante sedados, atingindo pontuações baixas em ambas. CONCLUSÕES: A validação das escalas Comfort-Behavior e avaliação da atividade motora para o português foi realizada com sucesso. Ambas foram adequadas para emprego em crianças em ventilação mecânica. Nas aplicações avaliadas, o nível de sedação observado na unidade estudada foi alto.OBJECTIVES: Sedation scores are important tools for use in pediatric intensive care units. The Comfort-Behavior scale is a valid method for the assessment of children although it is considered an extensive scale. The motor activity assessment

  8. Fisioterapia respiratória em terapia intensiva neonatal

    OpenAIRE

    Medeiros, Laysa Gabrielle Silva; FIP; Oliveira, Francimery Costa Santos de; FIP; Guimarães, Jussara Pereira; FIP; Nascimento, Indianara Maria Araujo do; FIR

    2013-01-01

    Introdução: Por fisioterapia neonatal entende-se os procedimentos realizados pelo profissional de fisioterapia, no período que se inicia logo após o clampeamento do cordão umbilical e se prolonga até 28 dias após o parto. Durante esse período, o fisioterapeuta promove o manuseio da parte motora e pulmonar do recém-nascido. Na fisioterapia neonatal, um dos objetivos do manuseio pulmonar traduz-se na remoção das secreções brônquicas em excesso. Embora alguns estudos clínicos tenham demonstrado ...

  9. Terapia intensiva: El problema de los medios y los fines

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Gherardi

    2011-12-01

    Full Text Available La tecnología médica aplicada a la medicina del paciente agudo y grave permitió la creación de un área asistencial diferenciada y el desarrollo del cuidado intensivo como una nueva especialidad. Los nuevos medios disponibles para reemplazar o asistir funciones de órganos vitales fueron los determinantes de este avance tan importante en el desarrollo de toda la alta complejidad médica en los últimos cuarenta años. Sin embargo la aplicabilidad de estos medios, que en este caso son los soportes vitales, no se han podido sustraer de la filosofía del imperativo tecnológico que ha impregnado a toda la cultura de la sociedad contemporánea. Se observa en este tiempo una influencia perniciosa que perturba el recuerdo permanente de los fines de la medicina, que no son los de evitar la muerte o a la consideración del valor vida como un absoluto ajeno a las preferencias del paciente. Las decisiones finales en circunstancias irreversibles, en que sólo es posible mantener una vida biológica, deben ser tomadas por los médicos y los familiares.

  10. Terapia intensiva: El problema de los medios y los fines

    OpenAIRE

    Carlos Gherardi

    2011-01-01

    La tecnología médica aplicada a la medicina del paciente agudo y grave permitió la creación de un área asistencial diferenciada y el desarrollo del cuidado intensivo como una nueva especialidad. Los nuevos medios disponibles para reemplazar o asistir funciones de órganos vitales fueron los determinantes de este avance tan importante en el desarrollo de toda la alta complejidad médica en los últimos cuarenta años. Sin embargo la aplicabilidad de estos medios, que en este caso son los soportes ...

  11. REACCIONES ADVERSAS A MEDICAMENTOS EN UNA UNIDAD DE TERAPIA INTENSIVA.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ismary Alfonso Orta

    2008-01-01

    Full Text Available Introduction: Pharmacovigilance is a public health for the identification, evaluation and prevention of risks associated with drugs once marketed. They constitute a major health problem in fact in some developed countries adverse drug reactions that lead to admission to emergency services constitute a major cause of death, preceded only by ischemic heart disease, cancer and stroke. Our research suggested the study of the behavior of adverse drug reactions (ADRs reported in the intensive therapy unit (ICU of the Hospital Calixto García from the year 2000 to 2005.Method: A study of Pharmacovigilance Hospital retrospective and descriptive using the methods of notification Spontaneous adverse reactions and intensive monitoring of patients admitted to the service of intensive therapy unit of University Hospital "General Calixto García Iñiguez" of Havana which consisted in the analysis of adverse drug reactions reported in the period from 2000 until 2005.Results: We detected 277 adverse drug reactions in 119 notifications of patients. The drug associated with an increased number of notifications recombinant streptokinase was 61.3%. More than 50% of RAM detected affected systems: cardiovascular, gastrointestinal, general declarations. Predominated moderate adverse reactions (43.3% although the grave were present in addition 36.8% 3 fatal cases (1.08% 86.3% of them were classified as probable.Conclusions: Were detected between two or three adverse drug reactions for each notification. Leaving clear the high responsibility for selecting treatment in these patients, streptokinase was the drug most commonly associated with adverse reactions reported, the digestive system was the most affected and adverse reactions that predominated were moderate and probable. We need to monitor selected drugs as well as notify serious or unexpected reactions that may occur.

  12. Vivência de enfermeira no cuidado transpessoal às famílias de neonatos egressos da unidade de terapia intensiva Vivencia de enfermera en el cuidado transpersonal a familias de neonatos egresados de la unidad de cuidados intensivos Experience of a nurse in transpersonal caring for families of neonates discharged from the intensive care unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciane Favero

    2012-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever a vivência de enfermeira domiciliar no cuidado transpessoal às famílias de neonatos egressos de unidade de terapia intensiva. MÉTODOS: Pesquisa qualitativa tipo estudo de caso descritivo. Utilizou-se a Teoria do Cuidado Transpessoal operacionalizada pelo Processo de Cuidar de Lacerda. Sete famílias foram acompanhadas e tornaram-se participantes do estudo. Os dados foram coletados por meio de documentos e registros em arquivo. RESULTADOS: As práticas de cuidados do cuidador familiar, suas demandas e necessidades; a importância da enfermagem no processo de hospitalização, alta e cuidados domiciliares foram constatadas. CONCLUSÃO: Esse caminhar possibilitou compreender que as ações do cuidar precisam estar aliadas ao cuidado humano, e à necessidade de investimentos em pesquisas capazes de aliar o cuidado domiciliar ao cuidado transpessoal na enfermagem e demais profissões da área de saúde.OBJETIVO: Describir la vivencia de enfermera domiciliaria en el cuidado transpersonal a familias de neonatos egresados de la unidad de cuidados intensivos. MÉTODOS: Investigación cualitativa de tipo estudio de caso descriptivo. Se utilizó la Teoría del Cuidado Transpersonal operacionalizada por el Proceso de Cuidar de Lacerda. Fueron acompañadas siete familias tornándose participantes del estudio. Los datos fueron recolectados por medio de documentos y registros en archivo. RESULTADOS: Las prácticas de cuidados del cuidador familiar, sus demandas y necesidades; la importancia de la enfermería en el proceso de hospitalización, alta y cuidados domiciliarios fueron constatados. CONCLUSIÓN: Ese caminar posibilitó comprender que las acciones del cuidar precisan estar aliadas al cuidado humano, y a la necesidad de inversiones en investigaciones capaces de aliar el cuidado domiciliario al cuidado transpersonal en la enfermería y demás profesiones del área de la salud.OBJECTIVE: To describe the lived experience of home

  13. Relação entre índice de oxigenação e ventilação com o tempo em ventilação mecânica de pacientes em terapia intensiva pediátrica Association between oxygenation and ventilation index with the time on mechanical ventilation in pediatric intensive care patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela Ruy C Barros

    2011-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Correlacionar o índice de oxigenação (IO e o de ventilação (IV com o tempo de ventilação mecânica invasiva (VMI em pacientes pediátricos. MÉTODOS: Estudo prospectivo, observacional, com pacientes de 28 dias de vida a 14 anos de idade, internados na Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica de um hospital universitário. Correlacionaram-se valores de idade, peso, pH, pressão parcial de oxigênio (PaO2, pressão parcial de gás carbônico (PaCO2, IO e IV, nos primeiros cinco dias em VMI, com o tempo em que o paciente permaneceu em VMI. O tempo total de ventilação mecânica foi dividido em 7 dias. RESULTADOS: Foram estudados 28 pacientes. Houve correlação negativa significante do tempo de VMI com o pH no quarto dia e com a PaO2 no quinto dia. Houve correlação positiva com o IO no terceiro e quarto dias e com o IV no terceiro, quarto e quinto dias. Houve diferença na idade e pH no quarto e quinto dias e IV do segundo ao quinto dias entre o grupo que permaneceu menos de sete dias e o que permaneceu sete dias ou mais em VMI. CONCLUSÕES: IO, IV, pH e PaO2, medidos precocemente, associaram-se com VMI prolongada, refletindo a gravidade do distúrbio ventilatório inicial.OBJECTIVE: To correlate the oxygenation index (OI and the ventilation index (VI with the time of invasive mechanical ventilation (IMV in pediatric patients. METHODS: This prospective and observational study enrolled patients from 28 days to 14 years of age, admitted in the Pediatric Intensive Care Unit of a university hospital. The values of age, weight, pH, partial pressure of oxygen (PaO2, partial pressure of carbon dioxide (PaCO2, OI and VI were measured from day one to the day five and they were correlated with the time on IMV. The total time on mechanical ventilation was divided into: 7 days. RESULTS: 28 patients were studied. The time spent on IMV showed a significant negative correlation with the pH on the fourth day and with the PaO2 on the fifth day

  14. Avaliação do procedimento de intubação traqueal em unidades de referência de terapia intensiva pediátricas e neonatais Assessment of intubation procedures at reference pediatric and neonatal intensive care units

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda P. Bonow

    2004-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever a taxa de sucesso e os fenômenos associados ao procedimento de intubação traqueal em duas unidades de terapia intensiva neonatais e duas pediátricas de Porto Alegre. MÉTODOS: Estudo transversal, com etapas retrospectiva e prospectiva, em que foram avaliadas todas as intubações ocorridas durante 6 meses em quatro unidades selecionadas. Realizou-se revisão padronizada de prontuários e entrevista com os médicos responsáveis, para caracterizar o procedimento de intubação. Utilizou-se o teste t para variáveis contínuas com distribuição normal, Mann-Whitney para distribuição assimétrica e o qui-quadrado para variáveis categóricas, com p OBJECTIVE: To describe intubation procedures in two pediatric and two neonatal intensive care units in the city of Porto Alegre. METHODS: Cross-sectional study divided into a retrospective and a prospective phase. All intubations performed in these units during a 6-month period were considered. Data were collected by interviewing the physician responsible for the procedure and reviewing the patients' charts, including drugs administered, sedation status, number of attempts, difficulties and complications during the procedure. Data were analyzed using the t test and the Mann-Whitney test for continuous variables and chi-square test for categorical variables, considering a p < 0.05. RESULTS: Sedatives were administered in 89.5% of the 134 pediatric procedures and 24% of the 116 neonatal procedures (p < 0.001. Muscle relaxants were prescribed for 3% of the children and 0.9% of the neonates. Only 53.7% of the children and 31.9% of the neonates were considered as adequately relaxed. The children who were inadequately relaxed had more intubations attempts (2.4±1.3 vs 1.7±1.2 p = 0.001, became more hypoxemic (20.9 vs 5.5% p = 0.015 and were more difficult to intubate (54.8 vs 25% p < 0.001. There were more urgent cases and more intubations attempts (2±1.2 vs 1.5±0.9 p = 0

  15. Apresentação clínica e evolução de pacientes com infecção por Influenza A (H1N1 que necessitaram de terapia intensiva durante a pandemia de 2009 Influenza A (H1N1 patients admitted to intensive care units during the 2009 pandemics: clinical features and outcomes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Paulo Nassar Junior

    2010-12-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Descrever a apresentação clínica e a evolução dos pacientes admitidos com diagnóstico de infecção por influenza pandêmica (H1N1 em duas unidades de terapia intensiva de hospitais privados de São Paulo. MÉTODOS: Foi realizada coorte retrospectiva com a avaliação de dados demográficos, da apresentação clínica inicial, escores prognósticos [Simplified Acute Physiology Score (SAPS 3 e Sequential Organ Failure Assessment (SOFA], comorbidades, de evolução e de tratamento de todos os pacientes que foram admitidos com diagnóstico confirmado de infecção por influenza pandêmico entre Julho e Setembro de 2009. RESULTADOS: Durante o período analisado, foram admitidos 22 pacientes. A mediana de idade foi de 30 (25-43,5 anos. As medianas do SAPS 3 e do SOFA foram, respectivamente de 42 (37-49 e 2 (1-3,5. Comorbidades foram comuns (50%, especialmente a obesidade (22,7%. Duas (9,1% pacientes eram gestantes. Cinco (22,7% pacientes foram submetidos à ventilação mecânica, mas houve necessidade de altas pressões expiratórias nestes (mediana de 16cm H2O e intervalos interquartis 10-25cmH2O. A taxa de falha de ventilação não-invasiva foi de 50%. A maior parte (77,2% dos pacientes foi tratada com oseltamivir. A mortalidade hospitalar foi de 4,5%. SAPS 3, SOFA e relação PaO2/FiO2 iniciais associaram-se com a necessidade de ventilação mecânica (pOBJECTIVES: To describe the clinical features and outcomes of patients admitted with influenza A (H1N1 infection in two private hospitals' intensive care units in São Paulo, Brazil, during the 2009 pandemics. METHODS: A retrospective cohort study was conducted to evaluate demographic data, initial clinical presentation, prognostic scores [Simplified Acute Physiology Score (SAPS 3 and Sequential Organ Failure Assessment (SOFA], comorbidities, outcomes and treatment of patients with confirmed pandemic influenza diagnosis from July to September 2009. RESULTS: 22 patients were

  16. Pacientes vítimas de politrauma com insuficiência renal aguda na unidade de terapia intensiva Pacientes víctimas de politrauma con insuficiência renal aguda en la unidad de cuidados intensivos Patient victim of polytrauma with acute renal failure in the intensive care unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rita de Cássia Helú Mendonça Ribeiro

    2008-01-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Identificar as características de pacientes portadores de insuficiência renal aguda (IRA, vítimas de politrauma, internados em uma unidade de terapia intensiva (UTI. MÉTODOS: Foi realizada uma análise retrospectiva de 357 prontuários de portadores de IRA, no período de 2002 a 2003, com creatinina sérica de 1,8 a 4 mg/dl. Destes pacientes internados na UTI, 10,6% eram vítimas de politrauma. RESULTADOS: Dos 38 (10,6% pacientes portadores de IRA e vítimas de politrauma, 78,9% eram do sexo masculino; 47,3% tinham idade entre 16 e 45 anos; 84,3% apresentaram oligúria; 92,1% não receberam tratamento para IRA durante a internação; 50% permaneceram de um a cinco dias internados na UTI; 47,3% não apresentaram nenhuma doença de base e a mortalidade ocorreu em 50% desta amostra. CONCLUSÃO: Concluiu-se que a monitorização diária da função renal das vítimas de politrauma é um cuidado importante para evitar as complicações da IRA e a respectiva mortalidade.OBJETIVOS: Identificar las características de pacientes portadores de insuficiencia renal aguda (IRA, víctimas de politrauma, internados en una unidad de cuidados intensivos (UCI. MÉTODOS: Se llevó a cabo un análisis retrospectivo de 357 historias clínicas de portadores de IRA, en el período de 2002 a 2003, con creatinina sérica de 1,8 a 4 mg/dl. De estos pacientes internados en la UCI, el 10,6% eram víctimas de politrauma. RESULTADOS: De los 38 (10,6% pacientes portadores de IRA y víctimas de politrauma, el 78,9% eran del sexo masculino; el 47,3% tenían edades entre 16 y 45 años; el 84,3% presentaron oliguria; el 92,1% no recibieron tratamiento para IRA durante el internamiento; el 50% permanecieron de uno a cinco días internados en la UCI; el 47,3% no presentaron ninguna enfermedad de base y la mortalidad ocurrió en el 50% de esta muestra. CONCLUSIÓN: el monitoreo diario de la función renal de las víctimas de politrauma es un cuidado importante para

  17. Enfermeiro instrutor no processo de treinamento admissional do enfermeiro em unidade de terapia intensiva Enfermero instructor en el proceso de entrenamiento de admisión del enfermero en una unidad de Cuidados Intensivos Nurse instructor in the process of admission training of nurses in the intensive care unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sarah Marília Bucchi

    2011-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Definir e analisar o perfil do enfermeiro-instrutor do treinamento admissional de enfermeiro de Unidade de Terapia Intensiva. MÉTODOS: O estudo desenvolveu-se na perspectiva da pesquisa-ação, adotando-se a técnica de grupo focal e a interlocução por via eletrônica, para coleta de dados. Assim, contou-se com a participação de 29 enfermeiros, sendo 11 nas sessões de grupo focal e 18 na interlocução eletrônica. RESULTADOS: Dentre as competências do instrutor, definidas pelo grupo, destacaram-se o conhecimento técnico-científico atualizado, postura ética e habilidade para ensinar e ao instrutor foi atribuído papel fundamental no processo de treinamento admissional. CONCLUSÕES: A pesquisa promoveu reflexão no grupo e nas pesquisadoras sobre os aspectos intervenientes no processo educativo e a respeito da identidade do grupo caracterizada pelo papel assistencial e pela autonomia de ação, sendo papel do instrutor transmitir esses valores aos ingressantes.OBJETIVO: Definir y analizar el perfil del enfermero-instructor del entrenamiento de admisión del enfermero a la Unidad de Cuidados Intensivos. MÉTODOS: El estudio se desarrolló en la perspectiva de la investigación-acción, adoptándose la técnica del grupo focal y la interlocución por vía electrónica, para la recolección de los datos. Así, se contó con la participación de 29 enfermeros, siendo 11 en las sesiones de grupo focal y 18 en la interlocución electrónica. RESULTADOS: Entre las competencias del instructor, definidas por el grupo, se destacaron el conocimiento técnico-científico actualizado, postura ética y habilidad para enseñar, atribuyéndosele el papel fundamental en el proceso de entrenamiento de admisión. CONCLUSIONES: La investigación promovió la reflexión en el grupo y en las investigadoras sobre los aspectos intervinientes en el proceso educativo y respecto a la identidad del grupo caracterizada por el papel asistencial y la

  18. Familiares na sala de espera de uma unidade de terapia intensiva: sentimentos revelados Família en la espera de una unidade de cuidados intensivos: sentimientos reveló Family in the waiting room of an intensive care unit: revealed feelings

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gloriana Frizon

    2011-03-01

    Full Text Available Trata-se de um estudo qualitativo que objetivou conhecer quais os sentimentos dos familiares de pacientes internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI. O estudo foi realizado na UTI de um hospital geral de grande porte da região oeste de Santa Catarina. A coleta ocorreu em 2009, com entrevista semiestruturada a 18 familiares. Para o tratamento dos dados utilizou-se o Discurso do Sujeito Coletivo. Dos relatos surgiram dois temas relacionados aos sentimentos: à hospitalização na UTI e os durante a espera para entrar na unidade. A an��lise revelou sentimentos como: dor, angústia, tristeza, impotência, medo, desespero, ansiedade e expectativa infinita. Espera-se que esses resultados possam auxiliar na capacitação dos profissionais, para o acolhimento à família e para a inserção desta no ambiente da UTI, como elemento a ser integrado no cuidado de enfermagem, através de ações acolhedoras, ajudando-os a enfrentarem a hospitalização de um familiar na unidade crítica.Se trata de un estudio cualitativo que tuvo como objetivo comprender lo que los sentimientos de los familiares de pacientes ingresados en la Unidad de Cuidados Intensivos (UCI. El estudio se llevó a cabo en la UCI de un gran hospital general en la región oeste de Santa Catarina. Los datos fueron recolectados en el 2009 con una entrevista semi estructurada a las familias de dieciocho años. Para el tratamiento de datos utilizado el discurso del sujeto colectivo. Los informes surgieron de dos elementos relacionados con los sentimientos: la hospitalización en la UCI y en espera de entrar en la unidad. El análisis reveló sentimientos como el dolor, la angustia, tristeza, impotencia, miedo, desesperación, ansiedad y expectativa infinita. Se espera que estos resultados pueden ayudar en la formación de los profesionales, a la familia de acogida y su inserción en el entorno de la UCI como un elemento para ser integrados en los cuidados de enfermería, a través de

  19. Educação em saúde: planejamento e execução da alta em uma Unidade de Terapia Intensiva neonatal Educación en salud: planificación y ejecución de alta en una Unidad de Cuidados Intensivos neonatales Education in health: planning and implementation of the discharge in a neonatal Intensive Care Unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elisabeta Albertina Nietsche

    2012-12-01

    Full Text Available Objetivou-se compreender a percepção dos profissionais de saúde e pais em relação ao planejamento e efetivação da alta do recém-nascido da Unidade de Terapia Intensiva Neonatal. Trata-se de uma pesquisa exploratório-descritiva, com abordagem qualitativa, cuja coleta de dados foi realizada por meio de entrevista semiestruturada em 2011. Os participantes da pesquisa foram oito profissionais da saúde e treze pais de recém-nascidos. Para análise dos dados utilizou-se a Análise de Conteúdo. Os resultados apontam que a alta hospitalar dos neonatos é focada no restabelecimento das condições fisiológicas; as orientações de cuidado ao recém-nascido são passadas aos pais pelo enfermeiro de forma rápida e acontecem apenas no momento da alta. Concluiu-se que é necessária ampliação das estratégias de educação em saúde no processo de alta hospitalar, para os pais de neonatos, pela equipe de saúde em sua rotina de trabalho, visando melhor planejamento e continuidade do cuidado prestado.Se objetivó comprender la percepción de los profesionales de salud y de los padres sobre la planificación y ejecución del alta al recién nacido en una Unidad de Cuidados Intensivos Neonatales. Investigación exploratoria-descriptiva, con abordaje cualitativo, cuya recolección de datos fue a través de entrevistas semi-estructuradas, en 2011. Los participantes fueron ocho profesionales de salud y trece padres de recién nacidos. Para análisis de datos se utilizó el Análisis de Contenido. Los resultados indican que el proceso de darle alta hospitalario al recién nacido es centrado en la restauración de condiciones fisiológicas; las orientaciones de atención al recién nacido son transmitidas a los padres por el enfermero, rápidamente y sólo en el alta. Se concluyó que es necesaria la expansión de las estrategias de educación en salud en el proceso del alta para los padres de recién nacidos, por el equipo de salud en su trabajo

  20. O alivio da dor de pacientes no pós-operatório na perspectiva de Enfermeiros de um centro de terapia intensiva El alivio del dolor en pacientes durante el post operatorio En la perspectiva de enfermeros de un Centro de tratamiento intensivo Postoperative patient's pain relief under perspective of Nurses of the intensive care unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanessa da Silva Carvalho Vila

    2001-09-01

    Full Text Available O presente estudo teve como objetivo identificar como os enfermeiros aliviam a dor de pacientes durante o pós-operatório, no Centro de Terapia Intensiva de um hospital geral, de grande porte, localizado no município de São Paulo-SP Participaram 14 enfermeiros, com idade entre 20 e 40 anos, em que 78,6% eram do sexo feminino e 42,9% tinham de 1 a 5 anos de atuação profissional. Os dados foram coletados através de entrevista semi-estruturada, gravada e analisados qualitativamente, utilizando-se as etapas da análise de conteúdo, propostas por Bardin(1. Duas categorias principais foram evidenciadas: avaliação da dor e condutas tomadas para alívio da dor. Os resultados mostraram que os enfermeiros utilizam tanto a terapêutica medicamentosa como a complementar para o alívio da dor e consideram a sua avaliação como conduta inicial para estabelecer ações de prevenção e alívio deste desconforto.Este estudio tuvo como objetivo identificar cómo los enfermeros alivian el dolor de pacientes durante el post-operatorio, en el Centro de Tratamiento Intensivo de un hospital general de gran porte, ubicado en el municipio de São Paulo-SR Participaron 14 enfermeros, con edad entre 20 y 40 años, de los que un 78,6% eran del sexo femenino y un 42,9% tenían de 1 a 5 años de experiencia profesional. Los datos fueron colectados a través de entrevista semistructurada, grabada y analizada cualitativamente, utilizando las etapas del análisis de contenido, propuestas por Bardin (1 . Das categorias principales fueron evidenciadas: evaluación del dolor y conductas tomadas para aliviar el dolor. Los resultados muestran que los enfermeros utilizan tanto el tratamiento medicamentoso como el complementar para el alivio del dolor y consideran su evaluación como conducta para establecer acciones de preventión y alivio de este desconforto.The objective of the present study was to identify how nurses releave the post-operative patients pain in the

  1. Medidas dos níveis de pressão do balonete em unidade de terapia intensiva: considerações sobre os benefícios do treinamento Measurement of tube cuff pressure levels in intensive care unit: considerations on the benefits of training

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvia Renata Rezek Juliano

    2007-09-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A pressão do balonete transmitida diretamente na parede da traquéia de forma irregular pode ocasionar lesões e levar a broncoaspiração. O objetivo deste estudo foi demonstrar que ao implantar uma rotina de mensuração da pressão do balonete, obtém-se controle fidedigno para manter as medidas dentro dos parâmetros considerados seguros, evitando assim, as complicações descritas. MÉTODO: Foram avaliadas 3195 medidas de pressão de balonete em 1194 pacientes dos sexos masculino e feminino, internados nas unidades de terapia intensiva (UTI e coronariana (UC, que estavam sob ventilação mecânica com uso de prótese endotraqueal e cânula de traqueostomia, nos períodos matutino e vespertino. RESULTADOS: Durante o período de março a agosto de 2005 foi realizado acompanhamento das medidas colhidas pelos profissionais de fisioterapia e observou-se que as medidas foram irregulares, em média, em 80% dos casos. Diante desse fato foi elaborado um programa de treinamento, com foco nas Equipes de Enfermagem das UTI e UC, que consistiu na orientação dos procedimentos adequados realizados à beira do leito (treinamento em loco. Os treinamentos foram realizados em dois períodos (matutino e vespertino para abranger toda a equipe. CONCLUSÕES: Sugere-se a necessidade da vigilância das pressões do balonete através da implantação de uma rotina de mensurações matutina, vespertina e noturna, como meio profilático, para prevenir as possíveis complicações da pressão de balão da prótese traqueal.BACKGROUND AND OBJECTIVES: The tube cuff pressure directly transmitted on the tracheal wall in an irregular form can cause injuries and lead to bronchoaspiration. The aim of this study was to demonstrate that the implementation of routine tube cuff pressure measurements result in a reliable control to maintain the measurements within the parameters considered safe, thus preventing the described complications. METHODS: A

  2. Bloodstream infections among patients using central venous catheters in intensive care units Infección de corriente sanguínea en pacientes con catéter venosos central en unidades de cuidado intensivo Infecções da corrente sangüínea em pacientes em uso de cateter venoso central em unidades de terapia intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eni Rosa Aires Borba Mesiano

    2007-06-01

    Full Text Available Central Venous Catheters (CVC, widely used in Intensive Care Units (ICU are important sources of bloodstream infections (BSI. This prospective cohort epidemiological analytical study, aimed to infer the incidence of BSI, the risk factors associated and evaluate the care actions related to the use of these catheters in seven ICU in the Federal District - Brasília, Brazil. From the 630 patients using CVC, 6.4% developed BSI (1.5% directly related to the catheter and 4.9% clinic BSI. The hospitalization term was 3.5 times greater among these patients. Different modalities of catheter insertion and antiseptic substances use were observed. Time of CVC permanence was significantly associated to infection incidence (pLos catéteres venosos centrales (CVC utilizados principalmente en unidades de cuidados intensivos - UCIs, son importantes fuentes de infección de la corriente sanguínea (ICS. Este estudio epidemiológico analítico, de corte prospectivo, enfoca la incidencia de ICS, factores de riesgo asociados y medidas asistenciales relacionadas con el uso de estos catéteres en 7 UCIs del Distrito Federal. Del total de 630 pacientes con CVC, 6,4% presentaron ICS (1,5% relacionado al catéter y 4,9% ICS-Clínica. El tiempo de hospitalización fue 3,5 veces mayor para este grupo de pacientes. Fueron observadas diferentes conductas con relación a la inserción de catéteres y al uso de antisépticos. El tiempo de permanencia del CVC estuvo asociado a la incidencia de infección (pOs cateteres venosos centrais (CVC, utilizados, principalmente em unidades de terapia intensiva-UTIs, são importantes fontes de infecção da corrente sangüínea (ICS. Este estudo epidemiológico analítico, tipo coorte prospectiva, enfoca a incidência de ICS, fatores de risco associados e ações assistenciais relacionadas ao uso desses cateteres em 7 UTIs no Distrito Federal. Dos 630 pacientes com CVC, 6,4% apresentaram ICS (1,5% relacionadas ao cateter e 4,9% ICS

  3. Uso de solução bucal com sistema enzimático em pacientes totalmente dependentes de cuidados em unidade de terapia intensiva Use of oral rinse with enzymatic system in patients totally dependent in the intensive care unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Sérgio da Silva Santos

    2008-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Os pacientes internados em unidades de terapia intensiva (UTI, na maioria das vezes, não possuem higienização oral adequada. Esta condição de deficiência de higiene oral em pacientes graves desencadeia freqüentemente periodontites, gengivites e outras complicações sistêmicas e orais. O objetivo deste estudo foi avaliar a eficiência da ação antimicrobiana da solução bucal com sistema enzimático associada à higiene oral, em pacientes totalmente dependentes de cuidados internados em UTI. MÉTODO: Estudo piloto prospectivo duplamente encoberto, realizado com 20 pacientes internados em UTI, divididos em 2 grupos com protocolos de higienização bucal com a mesma técnica, mas utilizando-se soluções diferentes, sendo o grupo de estudo (n = 10 utilizando solução bucal com sistema enzimático e o grupo controle (n = 10 utilizando solução bucal à base de cetilpiridínio. RESULTADOS: Os resultados microbiológicos das culturas coletadas nos grupos de estudo e controle, antes e após o uso da solução enzimática, mostraram que não houve diferença significativa entre os grupos (p = 0,41. Na avaliação clínica do Índice de Higiene Oral Simplificada (IHOS houve significância estatística pelo teste Exato de Fisher (p = 0,01, quando comparados os grupos de estudo e controle. O valor de significância estatística foi estabelecido em 5%, ou p BACKGROUND AND OBJECTIVES: Patients admitted to an intensive care unit (ICU, in most cases do not have a proper oral hygiene. This deficient condition of oral hygiene in critical patients often triggers periodontitis, gingivitis and other systemic and oral complications. This research aimed to evaluate the efficiency of the antimicrobial action of a solution with bioactive enzymatic system for oral hygiene, in totally care-dependent patients admitted to ICU. METHODS: A prospective, double blind pilot study was conducted with 20 patients admitted to an ICU, divided

  4. Incidência de insuficiência renal aguda na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal de um hospital paulista Incidencia de insuficiencia renal crónica aguda en la Unidad de Cuidados Intensivos Neonatal de un hospital de Sao Paulo Incidence of acute renal failure in the Neonatal Intensive Care Unit of a hospital in São Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renato Ribeiro Nogueira Ferraz

    2009-01-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Verificar a incidência de insuficiência renal aguda (IRA como motivo de admissão de pacientes na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN de um hospital paulista, e o uso da classificação de RIFLE na alocação destes pacientes. MÉTODOS: Levantamento de prontuários no período de 04 a 25/04/2008. RESULTADOS: Das 19 admissões de neonatos por diagnósticos diversos, 10% foram geradas por IRA (RIFLE, sendo os pacientes encaminhados à programas de diálise. CONCLUSÃO: Este levantamento realizado, com um número reduzido de indivíduos, demonstrou que a IRA representou 10% das causas de internação primária em UTIN. Maior tempo de observação seria importante para avaliar a progressão para IRA dos outros diagnósticos. Trabalhos com maior número de indivíduos e maior tempo de observação seriam importantes para se obter a real incidência desta complicação como causa de internação em UTIN.OBJETIVOS: Verificar la incidencia de insuficiencia renal aguda (IRA como motivo de admisión de pacientes en la Unidad de Cuidados Intensivos Neonatal (UCIN de un hospital de Sao Paulo, y el uso de la clasificación de RIFLE en la asignación de estos pacientes. MÉTODOS: Se llevó a cabo un levantamiento de historias clínicas en el período comprendido ente el 04 al 25/04/2008. RESULTADOS: De las 19 admisiones de neonatos por diversos diagnósticos, el 10% fueron generadas por IRA (RIFLE, siendo los pacientes encaminados a los programas de diálisis. CONCLUSIÓN: Este levantamiento realizado, con un número reducido de individuos, demostró que la IRA representó el 10% de las causas de internamiento primario en la UCIN. Sería importante un mayor tiempo de observación para evaluar el progreso de los otros diagnósticos hacia la IRA. Trabajos con mayor número de individuos así como de mayor tiempo de observación serían importantes para obtenerse la incidencia real de esta complicación como causa de internamiento en la UCIN

  5. Perfil de idosos admitidos em unidades de terapia intensiva gerais em Rio Grande, RS: resultados de um estudo de demanda Profile of the elderly admitted into general intensive care units in Rio Grande, Southern Brazil: results of a cross-sectional survey

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Eduardo C. Schein

    2010-06-01

    Full Text Available Este estudo teve por objetivo conhecer o perfil do paciente com 60 anos ou mais de idade internado nas duas unidades de terapia intensiva (UTI do município de Rio Grande, RS. Utilizando-se de delineamento transversal, entre abril/2007 e março/2008, entrevistadores previamente treinados aplicaram questionário padrão investigando sobre suas características demográficas, socioeconômicas e ambientais, utilização prévia de serviços de saúde e condições clínicas, que em 90% dos casos foram respondidos por familiares. Os 213 idosos hospitalizados neste período provinham, em sua maioria, do próprio município, eram casados, tinham mais de 70 anos, cinco anos de escolaridade, dois ou mais salários mínimos de renda familiar mensal, viviam em casa própria com outras duas pessoas e não possuíam plano de saúde; 88% foram à consulta médica nos últimos seis meses e 56% foram hospitalizados nos últimos 12 meses; metade deles chegaram à UTI inconscientes, por problemas clínicos oriundos da enfermaria do próprio hospital, onde 147 foram submetidos a ventilação mecânica, e 45% do grupo total evoluiu para óbito, em média, no oitavo dia. Estes dados mostram que é possível identificar idosos com maior potencial de internação em UTI também a partir de suas condições socioeconômicas e ambientais.This study aimed at assessing the profile of patients aged > 60 years admitted into intensive care units (ICU in the city of Rio Grande, Southern Brazil. A cross-sectional survey was carried out between April/2007 and March/2008 in two hospitals. Family members answered a standardized questionnaire that collected data on demographic and socioeconomic characteristics, household conditions, use of healthcare services and current clinical conditions. Among the 213 elderly people included in the study, about 90% came from Rio Grande, were married, aged 70 years or more, had at least five years of schooling, earned two or more minimum wages

  6. Análise das pressões de balonetes em diferentes angulações da cabeceira do leito dos pacientes internados em unidade de terapia intensiva Cuff pressure analysis of intensive care unit patients with different inclinations of the head section of the bed

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabiane Coelho Ono

    2008-09-01

    Full Text Available OBJETIVOS: A correta insuflação do balonete permite ventilação adequada, além de ser uma das formas de prevenção de pneumonia aspirativa bem como de diversas complicações traqueais. O objetivo deste estudo foi avaliar as pressões de balonetes dos tubos traqueais e/ou cânulas de traqueostomia nas angulações de zero, 30 e 60 graus de inclinação da cabeceira do leito de pacientes internados em unidades de terapia intensiva adulta. MÉTODOS: Realizado estudo transversal, com análise da pressão de balonetes, do volume- corrente expirado (VC e da pressão de pico das vias aéreas (PP nas posições de zero, 30 e 60 graus. A angulação de 30 graus foi considerada posição de referência como controle para a análise do comportamento dos valores nas posições de zero a 60 graus, as quais foram escolhidas de forma aleatória. Utilizou-se o teste t de Student, sendo considerado significativo quando p OBJECTIVES: Correct cuff inflation allows appropriate ventilation, and prevents aspiration pneumonia as well as several tracheal complications. The objective of this study was to evaluate endotracheal cuff pressure and/or tracheotomy tubes at zero, 30 and 60 degrees inclination of the patient's bed head section in adult intensive care units. METHODS: A cross sectional study was carried out evaluating the cuff pressure, the expiratory tidal volume (VT and the peak airway pressure (PP at inclinations zero, 30 and 60 degree of the head section of the patients' bed. The 30 degree inclination was considered the standard position used as control to analyze values in the zero and 60 degree positions, which were randomly ordered. The Student's t test was used and was considered significant when p < 0.05. RESULTS: A sample of 12 women and 12 men with a mean age of 51.29 ± 19.55 years was surveyed. When inclination of the bed head section was changed from 30 to zero degrees, there was a 16.9% mean reduction of the cuff pressure and 11.8% mean

  7. Ambiente do centro de terapia intensiva e o trabalho da equipe de enfermagem Ambiente del centro de cuidados intensivos y el trabajo del grupo de enfermería The environment of the intensive care center and the work of the nursing staff

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Suzel Regina Ribeiro Chavaglia

    2011-12-01

    Full Text Available Estudo descritivo exploratório com abordagem quantitativa. Objetiva caracterizar o ambiente do Centro de Terapia Intensiva (CTI quanto à área física, recursos materiais e equipamentos e identificar os fatores ambientais que intervêm na atuação dos profissionais de enfermagem. Investiga os fatores que contribuem para um espaço esteticamente harmônico, funcional e humanizado e que favorecem o desempenho do trabalho. As unidades constituintes do CTI atendem às recomendações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA quanto aos itens avaliados. Como condições favoráveis ao trabalho destacaram-se: condições térmicas; cor do teto, parede e pisos; luminosidade. Como condições desfavoráveis ao trabalho destacaram-se: áreas externas; privacidade e individualidade dos clientes e ruído. Conclui-se que as instalações analisadas atendem às recomendações mínimas da ANVISA. Identificaram-se condições favoráveis e desfavoráveis ao trabalho dos profissionais. A criação de melhores condições ambientais permite melhor desempenho da equipe, influenciando positivamente para uma assistência de qualidade, com segurança e satisfação profissional.Estudio exploratorio descriptivo, con enfoque cuantitativo. Objetiva caracterizar el ambiente del Centro de Cuidados Intensivos (CCI en el área de recursos físicos, materiales y equipos, e identificar los factores que intervienen en ambiente de trabajo de las enfermeras. Investiga los factores ambientales que contribuyen a un espacio estéticamente armónico, funcional y humanizado que favorecen el desempeño del trabajo. Las unidades que conforman el CCI cumplen con las recomendaciones de la Agencia Nacional de Vigilancia Sanitaria (ANVISA en los artículos evaluados. Como condiciones favorables de trabajo se destacaron: condiciones térmicas, color del techo, paredes y pisos, luminosidad. Como malas condiciones de trabajo se destacaron: protección de datos al aire libre

  8. Estudo comparativo da prevalência de Staphylococcus aureus importado para as unidades de terapia intensiva de hospital universitário, Pernambuco, Brasil Comparative study on the prevalence of Staphylococcus aureus imported to intensive care units of a university hospital, Pernambuco, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvana Maria de Morais Cavalcanti

    2006-12-01

    Full Text Available O Staphylococcus aureus é um dos principais patógenos que coloniza indivíduos saudáveis na comunidade e responde por infecções em pacientes hospitalizados. Um estudo transversal foi realizado para determinar a prevalência de S. aureus meticilina-resistente e sensível entre 231 pacientes, internados entre janeiro e abril de 2003, nas unidades de terapia intensiva (UTIs do Hospital Universitário Oswaldo Cruz, assim como os possíveis fatores associados à colonização. Foram coletadas secreções de narinas, axilas, região perineal e dermatoses com soluções de continuidade, de todos os pacientes, nas primeiras 48 horas de internamento nas UTIs. O material foi semeado em meios de cultura adequados. A prevalência de S. aureus igualou-se a 37,7% (87/231, sendo 13% (30/231 meticilina-resistente e 24,8% (57/231 meticilina-sensível. Idade, sexo, uso de antibioticoterapia, corticoterapia, motivo e local do internamento não se associaram à presença do S. aureus ou do meticilina-resistente. Houve associação significante entre procedência hospitalar e colonização por S. aureus, independente da cepa, e entre internamento anterior e presença do S. aureus meticilina-resistente. As narinas foram o sítio de colonização mais significante, por S. aureus meticilina-resistente (47/57=82,4% e sensível (23/30=76,7%. Foi alta a prevalência do S. aureus (meticilina resistente ou sensível, assim como do meticilina-resistente entre os pacientes das UTIs deste hospital. Estudos futuros poderão comprovar se os resultados aqui descritos e medidas de rastreamento para S. aureus poderiam ser adotadas, de forma prospectiva, para se avaliar o risco, assim como a magnitude do efeito, no controle de infecções hospitalares provocadas por estes patógenos.Staphylococcus aureus is the most important pathogen that colonizes healthy individuals in the community and is responsible for infections in hospitalized patients. A cross-sectional study was

  9. Nosocomial infections in a pediatric intensive care unit of a developing country: NHSN surveillance Infecções hospitalares em unidade de terapia intensiva pediátrica de um país em desenvolvimento: vigilância NHSN

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Pena Porto

    2012-08-01

    Full Text Available INTRODUCTION: This study aimed to determine the epidemiology of the three most common nosocomial infections (NI, namely, sepsis, pneumonia, and urinary tract infection (UTI, in a pediatric intensive care unit (PICU in a developing country and to define the risk factors associated with NI. METHODS: We performed a prospective study on the incidence of NI in a single PICU, between August 2009 and August 2010. Active surveillance by National Healthcare Safety Network (NHSN was conducted in the unit and children with NI (cases were compared with a group (matched controls in a case-control fashion. RESULTS: We analyzed 172 patients; 22.1% had NI, 71.1% of whom acquired it in the unit. The incidence densities of sepsis, pneumonia, and UTI per 1,000 patients/day were 17.9, 11.4, and 4.3, respectively. The most common agents in sepsis were Enterococcus faecalis and Escherichia coli (18% each; Staphylococcus epidermidis was isolated in 13% of cases. In pneumonias Staphylococcus aureus was the most common cause (3.2%, and in UTI the most frequent agents were yeasts (33.3%. The presence of NI was associated with a long period of hospitalization, use of invasive devices (central venous catheter, nasogastric tube, and use of antibiotics. The last two were independent factors for NI. CONCLUSIONS: The incidence of NI acquired in this unit was high and was associated with extrinsic factors.INTRODUÇÃO: O objetivo deste estudo foi determinar a epidemiologia das três infecções hospitalares (IH mais comuns - sepse, pneumonia e infecção do trato urinário (ITU - em uma unidade de terapia intensiva pediátrica (UTIP de um país em desenvolvimento e definir os fatores de risco associados com IH. MÉTODOS:Nós desenvolvemos um estudo prospectivo de incidência de IH em uma única UTIP, entre agosto/2009 e agosto/2010. Foi conduzida uma vigilância ativa pelo National Healthcare Safety Network (NHSN na Unidade e as crianças com IH (casos foram comparadas com um

  10. Produção científica brasileira de enfermagem em terapia intensiva de 1995 a 2004 Producción científica brasileña de enfermería en cuidados intensivos de 1995 al 2004 Brazilian researches on intensive care unit from 1995 to 2004

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Janzantte Ducci

    2007-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Investigar a produção científica de enfermagem em Unidade de Terapia Intensiva (UTI, no Brasil, no período de 1995 a 2004. MÉTODOS: Foram pesquisados artigos divulgados em dez periódicos nacionais e analisados os dados referentes à freqüência de publicação, autoria, método de pesquisa utilizado, tema e população do estudo. RESULTADOS: Do total de 3464 artigos publicados, 97 (2,8% eram específicos de UTI. Cerca de 38,0% referiam-se a estudos de alunos de mestrado/doutorado, prevalecendo as pesquisas com abordagem qualitativa (49,5%. Quanto ao tema, 23,7% pesquisaram a atuação profissional dos trabalhadores envolvidos no cuidado, enquanto 21,6% abordaram os aspectos emocionais da assistência em UTI. Destaca-se o surgimento da temática iatrogenia como objeto de investigação. A equipe de enfermagem foi a população estudada em quase metade dos artigos publicados. CONCLUSÃO: A produção científica brasileira em UTI ainda é incipiente, mantendo-se estável nas duas últimas décadas.OBJETIVO: Investigar la producción científica de enfermería en la Unidad de Cuidados Intensivos (UCI, en el Brasil, entre los años 1995 y 2004. MÉTODOS: Los artículos de diez periódicos nacionales fueron analizados referentes a la frecuencia de publicación, autoría, método de investigación, tema y población del estudio. RESULTADOS: Del total de 3464 artículos, 97 (2,8% se refirieron a UCI; 38,1% a estudios realizados por alumnos de post grado en maestría o doctorado. El abordaje cualitativo (49,5% prevaleció. En cuanto a los temas, el 23,7% se interesaron por investigar la actuación profesional de los trabajadores de la UCI. Los aspectos emocionales de la asistencia de enfermería fue el tema abordado en el 21,6% de los trabajos. Se destaca el surgimiento del tema yatrogenia como objeto de investigación. El equipo de enfermería fue la población estudiada en cerca del 50,0% de los artículos. CONCLUSIÓN: La producci

  11. Seguimento do enfermeiro graduado na Escola de Enfermagem da USP: sua inserção em Unidades de Terapia Intensiva Following up of the nurses graduated at the school of nursing of the University of Sao Paulo: their insertion in Intensive Care Units

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paula Hatsuye Kitahara

    1999-09-01

    Full Text Available O estudo foi realizado com os objetivos de identificar as atividades desenvolvidas após a formatura pelos enfermeiros graduados na Escola de Enfermagem da SP (EEUSP e caracterizar a inserção destes enfermeiros em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs no que se refere a ter sido ou não sua primeira área de atuação, à experiência anterior de trabalho em UTI, ao treinamento inicial específico e às dificuldades enfrentadas para assumir as atividades nessas Unidades. A população foi composta pelos egressos da EEUSP nos anos de 1991 a 1995. Uma listagem dos alunos formados no período, com os respectivos endereços e telefones, foi obtida junto à Seção de Graduação. Foi utilizado um questionário para a coleta de dados. Dentre os 235 questionários enviados, 117 (49,8% retornaram com resposta. Quanto as atividades após a formatura, 90,5% informaram estar exercendo a profissão; o hospital ,foi o local de trabalho mais indicado, totalizando 76,2% das respostas. Em todos os anos do período estudado, um contingente significativo de enfermeiros foi absorvido nas UTls. Dos 117 respondentes, 55 (47,0% informaram que trabalham ou trabalharam em UTI, sendo que para 54,5% deles, este foi o primeiro emprego. A maioria (52,8% não tinha experiência de trabalho anterior em UTI. Apesar de 64,1% dos enfermeiros terem recebido treinamento inicial específico, foram mencionadas dificuldades para assumir as atividades na UTI, dentre as quais destacaram-se: a falta de destreza manual e de conhecimento teórico (45,4%, o manuseio de equipamentos (25,8% e o relacionamento com as equipes de enfermagem. e multiprofissional (8,2%.The purposes of this research was to identify the activities developed by the nurses after undergraduation course at the School of Nursing of the University of São Paulo and to characterize their insertion in Intensive Care Units (ICUs, in relation to have been or not their first area of job, their previous experience in ICU

  12. Avaliação do uso da clonidina para sedoanalgesia de pacientes sob ventilação mecânica prolongada, internados em unidade de terapia intensiva Evaluate the clonidine use for sedoanalgesia in intensive care unit patients under prolonged mechanical ventilation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rachel Duarte Moritz

    2008-03-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O controle do desconforto dos pacientes internados em unidade de terapia intensiva (UTI tem-se tornado essencial na prática da Medicina intensiva. Os fármacos sedoanalgésicos podem influenciar na morbimortalidade do paciente crítico. Agentes a2-agonistas podem ter um futuro interessante nas UTI. O objetivo deste estudo foi avaliar a administração da clonidina para a sedoanalgesia de pacientes sob ventilação mecânica (VM prolongada. MÉTODO: Estudo de coorte histórico, onde foram selecionados os prontuários dos pacientes internados na UTI entre janeiro e dezembro de 2006, sob sedação, analgesia e ventilação mecânica por período > 7 dias. Foram anotados os dados demográficos, clínicos e terapêuticos desses pacientes, que foram subdivididos em três grupos: G1 - medicados com clonidina e outros sedoanalgésicos, G2 - medicados com mais de três fármacos sedoanalgésicos, exceto clonidina, e G3 - medicados com midazolam e fentanil. Registrou-se a dose média diária da clonidina, anotando-se, antes da sua administração, 6 e 24 horas após, os valores da freqüência cardíaca e pressão arterial. Para a análise estatística foram utilizados os testes Análise de Variância (ANOVA, t de Student, c² sendo considerado significativo quando p BACKGROUND AND OBJECTIVES: The control of patient discomfort in the intensive care unit (ICU has become an integral part of critical care practice. The sedoanalgesic drugs could influence critically ill patient's morbimortality. Alpha²-adrenoceptor agonists might have an interesting future in ICU. The objective of this study is to evaluate the clonidine use for sedoanalgesia in ICU patients under prolonged mechanical ventilation. METHODS: Historical cohort study. Admitted patient files, January-December 2006, which stayed under mechanical ventilation, analgesia and sedation > 7days were analyzed. Demographic, clinical features and therapeutic data concerning

  13. Mapping nursing goals of an Intensive Care Unit to the Nursing Outcomes Classification Identificación de metas de enfermería de una Unidad de Cuidados Intensivos a la Clasificación de Resultados de Enfermería Mapeamento de metas de enfermagem de uma Unidade de Terapia Intensiva por meio da Classificação de Resultados de Enfermagem

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tânia Couto Machado Chianca

    2012-10-01

    Full Text Available AIM: to analyze whether nursing goals formulated for nursing diagnoses can be mapped to nursing outcomes classification and to identify the scales most appropriate to the outcomes mapped. METHOD: a descriptive study was developed in an intensive care unit. Data collection involved extraction of goals in 44 medical records, content standardization, cross-mapping to the outcomes, identification of appropriated scales and validation. Descriptive analysis and agreement with the cross-mapping process were performed. RESULTS: nursing goals (59 were mapped to (28 different outcomes, with agreement of 83% in the mapping process. All goals were mapped to outcomes, which allows to affirm that these outcomes contemplates the goals elaborated to patient care. CONCLUSION: these results favor the inclusion of outcomes and scales validated in the planning and evaluation phases of the nursing process of a software in construction.OBJETIVO: analizar si en las metas formuladas desde diagnósticos de enfermería pueden ser identificados resultados y escalas apropiadas a los resultados identificados. MÉTODO: estudio descriptivo realizado en unidad de terapia intensiva. La colecta envolvió extracción de las metas registradas en 44 prontuarios, normalización de contenido, identificación de resultados, de las escalas apropiadas y validación. Análisis descriptivo y de concordancia con el proceso de identificación fueron procedidas. RESULTADOS: En las metas de enfermería (59 fueron identificados diferentes resultados (28, con concordancia del 83% en el proceso de identificación. En todas las metas fueron identificados resultados, lo que permite afirmar que ésos contemplan las metas elaboradas para los pacientes atendidos. CONCLUSIÓN: los hallazgos favorecen la inclusión de resultados y escalas en las etapas de planificación y evaluación en un software con el proceso de enfermería en construcción.OBJETIVO: analisar se metas formuladas, a partir de diagn

  14. Patient Destination after Discharge from Intensive Care Units: Wards or Intermediate Care Units? Destino del paciente después de recibir el alta médica de la unidad de cuidados intensivos: ¿unidad de internación o intermedia? Destino do paciente após alta da unidade de terapia intensiva: unidade de internação ou intermediária?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Claudia Moreira da Silva

    2010-04-01

    Full Text Available This study characterizes patients hospitalized in Intensive Care Units (ICUs of hospitals that have intermediate units (IU regarding their demographic and clinical data and identifies factors related to discharge from these units. This prospective longitudinal study involved 600 adult patients hospitalized in general ICUs in four hospitals in São Paulo, SP, Brazil. Demographic and clinical characteristics were similar to those found in other studies addressing patients hospitalized in ICUs. Factors associated with discharge from ICU to IU were: age ≥60 years, diseases related to the nervous, circulatory or respiratory systems, originated from the IU, and Simplified Acute Physiologic Score II (SAPS II, Logistic Organ Dysfunction (LODS and Nursing Activities Scores (NAS at admission and discharge from the ICU. Age and risk of death at admission in the ICU, according to SAPS II, stood out as indicators of discharge to IUs in the Multiple Logistic Regression analysis.Este estudio tuvo como objetivos caracterizar a los pacientes internados en unidades de terapia intensiva (UTI de hospitales con unidades intermediarias - en lo que se refiere a los datos demográficos y clínicos - e identificar los factores relacionados con el alta médica para esa unidad. Es estudio prospectivo longitudinal, con 600 pacientes adultos, internados en UTIs generales de cuatro hospitales del municipio de Sao Paulo. En los resultados, las características demográficas y clínicas fueron similares a las descritas en otros estudios sobre pacientes en UTIs. Los factores asociados con el alta hospitalaria para la unidad intermediaria fueron: edad ≥60 años, antecedentes relacionados al sistema nervioso, circulatorio o respiratorio, procedencia de la unidad intermediaria y valores del Simplified Acute Physiologic Score II (SAPS II, Logistic Organ Dysfunction (LODS y Nursing Activities Score (NAS en la admisión y el alta de la UTI. En el análisis de regresión log

  15. Função renal de pacientes de unidade de terapia intensiva: creatinina plasmática e proteína carreadora do retinol urinário Renal function of intensive care unit patients: plasma creatinine and urinary retinol-binding protein

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristina Satoko Mizoi

    2008-12-01

    Full Text Available OBJETIVOS: A avaliação precoce da disfunção renal usando marcadores usuais não supre uma indicação quer da sensitividade e da especificidade da disfunção renal de pacientes críticos. Seriam desejáveis marcadores mais específicos e sensíveis para a detecção precoce de um processo fisiopatológico renal em fase inicial. A proteína carreadora do retinol urinário poderia ser um método alternativo para avaliação precoce da função renal destes pacientes. MÉTODOS: O estudo acompanhou 100 pacientes em terapia intensiva e avaliou suas variáveis clinicas e laboratoriais, incluindo a dosagem de creatinina plasmática e proteina carreadora do retinol urinário e as variáveis demográficas. RESULTADOS: A amostra foi caracterizada por pacientes geriátricos (63,4±15,6 anos, homens (68%, sendo 53% cirúrgicos. Análise estatística mostrou associação entre creatinina plasmática e as seguintes variáveis: gênero (p=0,026, idade (p=0,038, uso de medicação vasoativa (p=0,003, proteinúria (p=0,025, escore Acute Physiological Chronic Health Evaluation (APACHE II (p=0,000, uréia (p=0,000, potássio (p=0,003 clearance de creatinina estimado (p=0,000. A proteína carreadora do retinol urinário correlacionava-se com outras variáveis: peso usa de ventilação invasiva (p=0,000, uso de medicamentos antinfamatórios não-esteróides (p=0,018, uso de medicação vasoativa (p=0,021, temperatura alta (>37,5ºC (p=0,005, proteinúria (p=0,000, bilirubinúria (p=0,004, fluxo urinário (p=0,019, pressão diastólica mínima (p=0,032, pressão sistólica mínima (p=0,029, APACHE II (p=0.000, creatinina (p=0,001, uréia (p=0,001 e clearance de creatinina estimado (p=0,000. A proteína carreadora do retinol urinário também tende a ser associada com doença renal anterior, vasculopatias e neoplasias. Na análise univariada, a fração de excreção de sódio se correlacionou com creatinina plasmática e proteina carreadora do retinol urin

  16. Qualidade de vida no trabalho e burnout em trabalhadores de enfermagem de Unidade de Terapia Intensiva Calidad de vida en el trabajo y burnout entre profesionales de enfermería que actúan en Unidad de Cuidados Intensivos Quality of working life and burnout among nursing staff in Intensive Care Units

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Denise Rodrigues Costa Schmidt

    2013-02-01

    Full Text Available Estudo descritivo, correlacional, de corte transversal, cujos objetivos foram avaliar a Qualidade de Vida no Trabalho (QVT e a presença da Síndrome de Burnout entre profissionais de enfermagem de Unidade de Terapia Intensiva. Compuseram a amostra 53 trabalhadores de enfermagem de um hospital escola do interior do Paraná, Brasil. Utilizou-se para a coleta de dados: instrumento de caracterização sócio-demográfica e profissional, Escala Visual Analógica para QVT e o Maslach Burnout Inventory (MBI. A coleta de dados ocorreu entre abril e agosto de 2009. Predominaram auxiliares de enfermagem (52,8%, do sexo feminino (66,0%, casados (67,9%, com idade média de 42,4 anos. A média de QVT para o total da amostra foi de 71,1 (D.P.=15,5, demonstrando uma avaliação satisfatória para essa medida. As dimensões Exaustão Emocional, Despersonalização e Realização Profissional obtiveram média de 11,4 (DP=7,7, 4,6 (DP=4,1 e 25,0 (DP=5,9, respectivamente, enquanto a medida de QVT somente obteve associação estatisticamente significante com a dimensão Exaustão Emocional (p=0,000.Se trata de un estudio de correlación, descriptivo y transversal cuyo objetivo fue evaluar la calidad de vida en el trabajo (CVT y la incidencia de burnout entre trabajadores de enfermería que actúan en Unidad de Cuidados Intensivos. La muestra fue constituida por 53 profesionales de enfermería de un hospital escuela de la ciudad de Londrina-PR, Brasil. La recolecta de datos fue realizada en el período de abril a agosto de 2009 por medio de tres cuestionarios: datos generales y profesionales, Escala Visual Analógica para CVT y lo Maslach Burnout Inventory (MBI. Predominaran en la muestra auxiliares de enfermería (52,8%, del sexo femenino (66,0%, casadas (67,9%, con edad promedia de 42,4 años. En lo que concierne a la evaluación de la CVT, se obtuve promedia de 71,1 (DE=15,5, demostrando una buena evaluación para esa medida. Las dimensiones del MBI (AE, DP, RP

  17. Freqüência e percentual de suscetibilidade de bactérias isoladas em pacientes atendidos na unidade de terapia intensiva do Hospital Geral de Fortaleza Frequency and susceptibility percentile of bacteria isolated in patients assisted in the intensive care unit of the General Hospital of Fortaleza

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Everardo Albuquerque Menezes

    2007-06-01

    Full Text Available INTRODUÇAO: As infecções hospitalares, hoje, são motivo de grande preocupação no âmbito hospitalar, principalmente nas unidades de terapia intensiva (UTIs, nas quais encontramos uma associação de fatores propícios ao surgimento de infecções. Objetivos: Verificar a freqüência e o perfil de suscetibilidade aos antimicrobianos das bactérias isoladas de pacientes da UTI do Hospital Geral de Fortaleza (HGF. MATERIAL E MÉTODOS: As bactérias foram isoladas em meio de cultura e a identificação e o teste de suscetibilidade aos antimicrobianos realizados por meio do sistema de automação MicroScan WalkWay. RESULTADOS: No período de janeiro a dezembro de 2002 houve 34% de positividade de bactérias no aspirado traqueal de pacientes da UTI; 10% de positividade no cateter; 26% de positividade na urina; e 30% de positividade no sangue. As bactérias mais freqüentes do aspirado traqueal foram Pseudomonas aeruginosa (16% e Klebsiella pneumoniae (15%. Em cateteres, houve maior freqüência de Staphylococcus coagulase negativa (SCN (25% e Staphylococcus aureus (25%; na urina, predominaram Klebsiella pneumoniae (16% e Pseudomonas aeruginosa (14%. Em hemoculturas, as bactérias mais isoladas foram SCN (41% e Staphylococcus aureus (17%. Foi observado, em relação ao perfil de suscetibilidade, que as Pseudomonas aeruginosa isoladas de aspirado traqueal apresentaram total suscetibilidade à piperacilina e resistência total à ceftriaxona e à cefotaxima. A Klebsiella pneumoniae isolada de aspirados traqueais foi totalmente sensível ao imipenem, não apresentando resistência total a nenhum antimicrobiano testado, e apresentou suscetibilidade de 54% à ceftazidima. Em cateter ela apresentou resistência a ampicilina/sulbactam, cefepima, cefotaxima, ceftazidima, ceftriaxona, cefuroxima, gentamicina, piperacilina/tazobactam, piperacilina, ticarcilina/clavulanato e tobramicina, bem como suscetibilidade ao imipenem. Na urina, observamos 55% de

  18. Acompanhante de adulto na Unidade de Terapia Intensiva: uma visão do paciente Acompañante del adulto internado en una Unidad de Cuidados Intensivos Patients' views of an adult companion in the Intensive Care Unit: una visión del paciente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia Rodrigues Maciel

    2006-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: identificar se o cliente adulto gostaria de ter um acompanhante enquanto internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI e relacionar a sua opinião com as variáveis sexo, idade, estado civil, escolaridade, gravidade da doença, tempo de internação e número de vezes que permaneceu em uma UTI. MÉTODOS: o instrumento utilizado foi um formulário aplicado por meio de entrevista com pacientes que ficaram internados na UTI por um período mínimo de 24 horas. A amostra constituiu-se de 138 pacientes. RESULTADOS: dos participantes do estudo 44.9% eram do sexo feminino e 55.1% do sexo masculino sendo que 58.7% concordaram e 41.3% não concordaram com a permanência de um acompanhante. A correlação entre as variáveis mostrou significância entre desejar a presença de acompanhante e o número de vezes de internação em UTI (p= 0.03. Houve também significância entre querer acompanhante e ser do sexo feminino (p = 0.051. Nas demais variáveis não tiveram significância. CONCLUSÃO: este estudo mostrou a necessidade de perguntar ao doente se deseja um acompanhante e em que momento da internação.OBJETIVO: identificar si el cliente adulto desearía tener un acompañante durante su internamiento en la Unidad de Cuidados Intensivos (UCI y relacionar su opinión con las variables sexo, edad, estado civil, escolaridad, gravedad de la enfermedad, tiempo de internamiento y número de veces que permaneció en una UCI. METODOS: el instrumento utilizado fue un formulario aplicado por medio de entrevista a los pacientes internados en la UCI por un período mínimo de 24 horas. La muestra estuvo constituida de 138 pacientes. RESULTADOS: de los participantes del estudio el 44.9% fue del sexo femenino y el 55.1% del masculino. El 58.7% concordó y el 41.3% no concordó con la permanencia de un acompañante. La correlación entre las variables fue significativa entre desear la presencia del acompañante y el número de veces de internamiento en la

  19. Methicillin-resistant Staphylococcus aureus on surfaces of an Intensive Care Unit Staphylococcus aureus resistente a la meticilina en superfícies de una Unidad de Cuidados Intensivos Staphylococcus aureus resistente à meticilina em superfícies de uma Unidade de Terapia Intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriano Menis Ferreira

    2011-01-01

    . RESULTADOS: De las 48 muestras positivas para Staphylococcus aureus, 29 (60,4% fueron resistentes a la meticilina. La incidencia en enrejados y manivelas de la cama, mesa, botones de la bomba de infusión y mandiles fue, respectivamente, 55,5%, 57,1%, 57,1%, 60,0% y 75,0%. CONCLUSIÓN: Los resultados sugieren que las superficies alrededor del paciente se constituye en una importante amenaza, pues representan reservorios secundarios de MRSA.OBJETIVO: Avaliar a presença de Staphylococcus aureus resistente à meticilina (MRSA em superfícies próximas aos pacientes internados em uma Unidade de Terapia Intensiva Geral. MÉTODOS: Trata-se de um estudo transversal, no qual foram coletadas amostras microbiológicas de cinco superfícies (grades direita/esquerda, manivela da cama, mesa, botões da bomba de infusão e aventais de algodão de cada dez unidades de pacientes, totalizando 63 amostras. Para a coleta, foram utilizadas placas Petri FilmTM Staph Express Count System 3M TM e para a triagem de resistência à meticilina, o ágar Mueller-Hinton adicionado de 4% de cloreto de sódio e 6 µg/ml oxacilina. Análises descritivas foram empregadas para determinar a frequência (n e porcentagem (% de contaminação das superfícies ambientais. RESULTADOS: Das 48 amostras positivas para Staphylococcus aureus, 29 (60,4% foram resistentes à meticilina. A incidência em grades e manivelas da cama, mesa, botões da bomba de infusão e aventais foi, respectivamente, 55,5%, 57,1%, 57,1%, 60,0% e 75,0%. CONCLUSÃO: Os resultados sugerem que as superfícies ao redor do paciente constituí-se uma importante ameaça, visto que representam reservatórios secundários de MRSA.

  20. Evolução e característica de lactantes com bronquiolite viral aguda submetidos à ventilação mecânica em uma unidade de terapia intensiva pediátrica brasileira Outcome and characteristics of infants with acute viral bronchiolitis submitted to mechanical ventilation in a Brazilian pediatric intensive care

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Umpierre Bueno

    2009-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever as características e a evolução de lactantes com bronquiolite aguda submetidos à ventilação mecânica. MÉTODOS: Estudo retrospectivo desenvolvido entre março 2004 e setembro 2006 (três invernos consecutivos, recrutando todos os lactantes (menos de 12 meses de idade com diagnóstico de bronquiolite viral aguda e submetidos à ventilação mecânica em uma unidade de terapia intensiva, brasileira, ligada a uma universidade. Os parâmetros de ventilação mecânica adotados no 1°, 2° 3° e 7° dia e antes da extubação foram avaliados, assim como a evolução (taxa de mortalidade, presença da síndrome de desconforto respiratório agudo e prevalência de complicações. Os grupos foram comparados usando o teste t de Student, o teste U de Mann-Whitney e o teste Qui-Quadrado. RESULTADOS: Foram incluídos 59 lactantes (3,8 ± 2,7 meses de idade, 59% de sexo masculino com 9,0 ± 9,4 dias em ventilação mecânica. Antes da ventilação mecânica, ventilação não-invasiva foi instituída em 71% dos lactantes. Foi observada anemia em 78% da amostra. Em 51 lactantes (86,5%, o padrão obstrutivo de vias aéreas inferiores foi mantido até extubação intratraqueal, com mortalidade nula e baixa prevalência de pneumotórax (7,8%. A síndrome de desconforto respiratório agudo, ocorreu em 8 lactantes (13,5% com mortalidade mais elevada e alta prevalência de pneumotórax (62,5%. CONCLUSÕES: O declínio na mortalidade em crianças com bronquiolite viral aguda tem sido observado mesmo em regiões não desenvolvidas, com altas taxas de anemia e partos prematuros. A baixa mortalidade está associada à manutenção o padrão obstrutivo de vias aéreas inferiores durante o tempo em ventilação mecânica. O desenvolvimento da síndrome de desconforto respiratório agudo está associado a uma mortalidade mais elevada e maior porcentagem de complicações representando o desafia atual para o tratamento de crianças com

  1. Padronização do desmame da ventilação mecânica em Unidade de Terapia Intensiva: resultados após um ano Standardization of weaning of the mechanical ventilation in a Intensive Care Unit: results afterwards one year

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Rogério de Carvalho Oliveira

    2006-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O desmame da ventilação mecânica é o processo de transição da ventilação mecânica para a espontânea. A prática atual do desmame mostra que o empirismo é insuficiente e inadequado. Em contrapartida, as padronizações de desmame proporcionam melhor condução no processo. O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos da aplicação de um protocolo de desmame da ventilação mecânica em uma unidade de terapia intensiva. MÉTODO: Foram incluídos no estudo todos os pacientes em programa de liberação da ventilação mecânica, em que se acompanhou a evolução do desmame com utilização de um protocolo pré-estabelecido pelo serviço já publicado. RESULTADOS: Foram estudados 127 pacientes. Houve sucesso no desmame em 91% (115 e insucesso em 9% (12. A ventilação não-invasiva após a extubação foi utilizada em 19% (24 deles. Nenhum óbito foi observado. Comparando-se o grupo de pacientes em que houve sucesso com o grupo em que houve falha, não foi encontrada diferença estatística significativa quanto ao sexo (p = 0,96, APACHE II (19,5 versus 18,6 p = 0,75, risco de óbito (29% versus 22% p = 0,54, Pimáx (38 versus 32 cmH2O p = 0,17, tempo de ventilação mecânica (6 versus 7 dias p = 0,70, relação PaO2/FiO2 (324 versus 312 p = 0,83, modalidade de desmame (PSV ou Tubo T p = 0,29. Foram encontradas diferenças significativas no valor de índice de respiração rápida superficial (IRRS (59 versus 77 p = 0,02 e no tempo de desmame (1 versus 30 horas p BACKGROUND AND OBJECTIVES: The weaning of mechanical ventilation is the process of transition from mechanical ventilation to spontaneous. The actual practice weaning reveals that the empirism is insufficient and inadequate. On the other side, the standardization of the weaning provides best conductions in the process. The objective of this study was to evaluate the effects of the application of a weaning protocol in an intensive care unit. METHODS

  2. Perfil clínico, laboratorial e complicações de pacientes com síndrome HELLP admitidas em uma unidade de terapia intensiva obstétrica Clinical and laboratorial profile and complications of patients with HELLP syndrome admitted in an obstetric intensive care unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leila Katz

    2008-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: descrever o perfil clínico e laboratorial e complicações de pacientes com síndrome HELLP internadas em Unidade de Terapia Intensiva (UTI obstétrica e incluídas em um ensaio clínico randomizado para avaliar a eficácia do uso da dexametasona. MÉTODOS: O PRESente estudo corresponde a uma análise secundária das pacientes submetidas a um ensaio clínico randomizado realizado entre agosto de 2005 e novembro de 2006. A amostra foi composta de puérperas com diagnóstico de síndrome HELLP (pré ou pós-parto, que não fossem usuárias crônicas de corticosteróides ou portadoras de doenças crônicas que pudessem alterar os parâmetros laboratoriais da doença. Pacientes muito graves ou que não tivessem condições de consentir em participar também não foram incluídas no estudo. Os dados foram coletados por meio de formulários padronizados preparados especialmente para serem utilizados no estudo. As variáveis analisadas foram: idade, paridade, idade gestacional na admissão e na interrupção da gestação, época do diagnóstico de síndrome HELLP, classificação da síndrome HELLP (completa ou incompleta, pressão arterial e diurese na admissão. Os resultados laboratoriais analisados no momento do diagnóstico da síndrome HELLP foram: hemoglobina, contagem de plaquetas e dehidrogenase lática, transaminases e bilirrubinas séricas. Analisaram-se ainda as complicações apresentadas: oligúria, insuficiência renal aguda, manifestações hemorrágicas, edema agudo de pulmão, óbito, necessidade de hemotransfusão e tempo de internamento hospitalar. A digitação e a análise estatística foram realizadas usando-se o programa Epi-Info 3.3.2. RESULTADOS: foram avaliadas 105 pacientes. A idade variou de 14 a 49 anos, com média de 26,7. Em relação à paridade, 56 pacientes (53,8% eram primigestas. O diagnóstico da síndrome HELLP foi feito no período pré-parto em 47 pacientes (45,2% com idade gestacional média de 32

  3. A influência do método mãe-canguru na recuperação do recém-nascido em Unidade de Terapia Intensiva Neonatal: uma revisão de literatura - DOI: 10.4025/actascihealthsci.v25i1.2250 The influence of kangaroo-mother approach on the newborn recovery at neonatal intensive care unit: a literature review - DOI: 10.4025/actascihealthsci.v25i1.2250

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Loide Ferreira

    2003-04-01

    Full Text Available A separação da mãe e recém-nascido (RN logo após o parto, decorrente da hospitalização, influencia na continuidade da formação do apego, podendo afetar RN e/ou sua mãe. Com isso, buscou-se, a partir do método mãe-canguru, identificar a influência deste na relação mãe-filho internado em Unidade de Terapia Intensiva (UTI Neonatal; conhecer como ocorre a formação do apego, mediante a utilização do método, e como o apego pode influenciar no prognóstico do RN internado e na atitude da mãe frente à hospitalização foram os objetivos. A pesquisa foi de cunho bibliográfico, realizada uma revisão no período de 1983 a 2002. Procurou-se observar a eficácia do método como facilitador do apego, promovendo um melhor prognóstico do RN internado e aumento da confiança e adaptação materna diante da situação. A indissolubilidade da relação de apego entre mãe e filho é de grande importância e as intervenções de enfermagem devem visar amenizar a separação da díade, prevenindo seqüelas imediatas e futuras para os envolvidos.The mother’s separation from the newborn after birth due to hospital admission influences in the continuity of the affectionate bond, affecting both, the newborn and the mother. The aim of this study is to identify this influence in the relation mother-son admitted in the neonatal intensive care unit; to know how the affectionate bond occurs by means of the utilization of the approach and how the attachment can influence in the prognostic of the newborn interned and the mother’s attitude facing the hospitalisation. This study used a bibliographical research in the period from 1983 to 2002. Observing the efficacy of the approach as a facilitator of the attachment, promoting a better prognostic of the newborn interned and increasing confidence and maternal adaptation facing the situation. The relation of attachment between mother and son is inseparable and very important and the nursing

  4. BULLYING ESCOLAR: UMA FERIDA ABERTA NA SOCIEDADE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Moisés Rocha Farias

    2017-08-01

    Full Text Available O bullying escolar ainda é uma forte realidade em nossas instituições de ensino, descaracterizando, por muitas vezes, o real sentido do espaço educa- cional. É uma “ferida” ainda aberta no seio da sociedade, causando dor e preo- cupação, contribuindo, assim, em alguns casos, para o surgimento de doenças psicossomáticas entre as vítimas desse fenômeno, como também a desestabi- lização de tantas famílias que, m esmo de forma indireta, são impactadas por esse tipo de agressão. O presente artigo tem por objetivo informar e apresentar algumas das características do bullying escolar, tal como (teoricamente a forma como agressores e agredidos se comportam diante dessa realidade ainda pre- sente em tantas escolas. Visa ainda o despertar de seus eventuais leitores para o combate a essa prática agressiva no âmbito escolar. Por meio de estudos bi- bliográficos de cunho qualitativo, este artigo foi desenvolvido com embasamento teórico, principalmente nos artigos dos seguintes autores: Antunes e Zuin, Souza e Cunha, Binsfeld e Lisboa, Campos e Jorge. Tal fenômeno precisa ser urgente- mente combatido, tendo como principal “arma” de combate uma educação que vise os valores éticos, contribuindo, assim, para a vivência do bem comum e a boa socialização dos educandos em seu ambiente estudantil.

  5. Terapia periodontal no quirurgica

    National Research Council Canada - National Science Library

    Guzman Zuluaga, Isabel Cristina; Botero Zuluaga, Leticia; Bedoya Trujillo, Juan Sebastian; Botero Botero, Alejandro

    2012-01-01

    .... El principal objetivo de este articulo es demostrar la efectividad de la terapia periodontal no quirurgica evidenciada en multiples estudios con relacion a las indicaciones, aspectos microbiologicos...

  6. Implantação do diagnóstico de enfermagem em unidade de terapia intensiva: uma análise periódica Aplicación de diagnóstico de enfermería en la unidad de cuidados intensivos: una revisión periódica Implementation of nursing diagnosis in the intensive care unit: a periodic review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Angelita Paganin

    2010-06-01

    Full Text Available O conhecimento acerca da prevalência dos diagnósticos de enfermagem (DE contribui para a previsão dos cuidados necessários e para a orientação de programas de educação permanente. Estudo com delineamento transversal, que teve por objetivo identificar os principais DE de uma unidade de terapia intensiva (UTI, comparando-se as diferentes categorias entre os pacientes clínicos e cirúrgicos. A análise dos dados foi realizada de acordo com a taxonomia II da North American Nursing Diagnoses Association (NANDA. Nos 150 prontuários avaliados foram encontrados 195 diagnósticos, com uma média de 1,3 DE por paciente, majoritariamente do domínio segurança e proteção (39,5%. Os DE mais freqüentes foram: integridade tissular prejudicada (22%, troca de gases prejudicada (22%, perfusão tissular ineficaz cerebral (8,7%, integridade da pele prejudicada (7,7%, débito cardíaco diminuído (6,7% e perfusão tissular ineficaz cardiopulmonar (6,1%. Os DE mais prevalentes denotam as necessidades fisiológicas como as mais comuns na amostra estudada.El conocimiento acerca de la prevalencia de los diagnósticos de enfermería (DE ayuda a brindar la atención necesaria y la orientación de los programas de educación continua. Estudio que identifico los principales DE prescrito en la unidad de cuidados intensivos (UCI y compararlos entre pacientes médicos y quirúrgicos. Análisis de los datos se realizó de acuerdo a la taxonomía II de la North American Nursing Diagnoses Association (NANDA. En las 150 cartas evaluados fueron encontrados 195 diagnósticos, con un promedio de 1,3 por paciente, principalmente en el campo y la seguridad (39,5%. Los DE más comunes fueron: deterioro de la integridad tisular (22%, deterioro del intercambio gaseoso (22%, ineficacia de la perfusión tisular cerebral (8,7%, alteración de la integridad cutánea (7,7%, disminución del gasto cardíaco (6 , 7% y la perfusión tisular inefectiva cardiopulmonar (6,1%. Lo m

  7. Nursing care time and quality indicators for adult intensive care: correlation analysis Tiempo de atención de enfermería en la unidad de cuidados intensivos de adultos y los indicadores de atención de calidad: análisis de correlación Tempo de assistência de enfermagem em unidade de terapia intensiva adulto e indicadores de qualidade assistencial: análise correlacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Carlos Garcia

    2012-08-01

    analisar o tempo utilizado pela equipe de Enfermagem para assistir aos pacientes internados em unidade de terapia intensiva adulto, bem como verificar sua correlação com os indicadores de qualidade assistencial. A identificação do tempo médio de assistência despendido e dos indicadores de qualidade assistencial foi efetivada por meio de consulta aos instrumentos de gestão, utilizados pela chefia de Enfermagem da unidade. O tempo médio de assistência despendido com os pacientes manteve-se equilibrado, porém, inferior aos indicados pelos órgãos oficiais brasileiros. A correlacão entre o tempo de assistência de Enfermagem despendido por enfermeiros e o indicador incidência de extubação acidental indicou que a incidência de extubação acidental diminui, à medida que aumenta o tempo de assistência de Enfermagem despendido por enfermeiros. Os resultados desta investigação demonstram a influência do tempo de assistência de Enfermagem, provido por enfermeiros, no resultado do cuidado ministrado.

  8. Interação mãe-bebê pré-termo e mudança no estado de humor: comparação do Método Mãe-Canguru com visita na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal Interaction between mothers and pre-term infants and mood changes: a comparison between the Kangaroo Mother Method and those observed on a visit to a Neonatal Intensive Care Unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Guimarães Cruvinel

    2007-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar mudanças nos estados de humor de mães de bebês pré-termo em função do tipo de contato com o seu filho: Método Mãe-Canguru (MMC e visita ao filho na incubadora da Unidade de Terapia Intensiva Neonatal. MÉTODOS: foi aplicada a Escala Analógica de Humor em 60 mães divididas em 2 grupos: mães que participam do Método Mãe-Canguru (GC e mães que acompanharam o bebê na incubadora (GI. Os grupos foram pareados em função da idade das mães, número de gestações e tipo de parto. As mães foram avaliadas antes e depois de uma das visitas ao filho na incubadora ou sessão de MMC. RESULTADOS: as mães do GC melhoraram o humor, relatando: sentirem-se mais calmas, fortes, com idéias claras, ágeis, dinâmicas, satisfeitas, tranqüilas, perspicazes, relaxadas, atentas, competentes, alegres e amistosas. As mães do GI não apresentaram melhora no estado de humor em nenhum item, mas pioraram no item "sentindo-se desajeitada". CONCLUSÕES: o Método Mãe-Canguru mostrou-se eficaz na melhora nos estados de humor de mães de bebês pré-termo, contribuindo assim para a minimização dos efeitos negativos da internação neonatal.OBJECTIVE: to assess changes in the subjective state of mood of mothers of pre-term babies, comparing different kinds of mother-infant interaction: the Kangaroo Mother Method (KMM and those observed on a visit to a Neonatal Intensive Care Unit. METHODS: the Visual Analogue Mood Scale was used with 60 mothers divided into two groups: mothers included in the Kangaroo Program (KG and mothers with a baby on an incubator (IG. The groups were matched for the mothers' age, number of pregnancies and kind of delivery. The mothers were evaluated before and after a visit to the baby on an incubator or a KMM session. RESULTS: it was found that KG mothers were in a better mood, reporting that they felt calmer, stronger, more clear-headed, more agile, dynamic, satisfied, at ease, perceptive, relaxed, considerate

  9. Terapia de choque

    DEFF Research Database (Denmark)

    Agustin, Oscar Garcia

    2012-01-01

    No hay alternativa, nos dicen. Ya no hay líneas rojas. Sólo un poco más de terapia de choque para aumentar el desorden bipolar entre los que tienen y los que no.......No hay alternativa, nos dicen. Ya no hay líneas rojas. Sólo un poco más de terapia de choque para aumentar el desorden bipolar entre los que tienen y los que no....

  10. Emergência de infecção por Trichosporon Asahii em pacientes portadores de insuficiência cardíaca em unidade de terapia intensiva cardiológica: relato de caso e revisão da literatura Trichosporon asahii an emerging etiologic agent of fungal infection and colonization in heart failure patients in intensive care unit: case report and literature review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antônio Aurélio de Paiva Fagundes Júnior

    2008-03-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: As infecções fúngicas por Trichosporon Asahii têm sido cada vez mais freqüentes nas últimas duas décadas. Quadros graves com alta mortalidade são tradicionalmente descritos em pacientes neutropênicos com câncer. Recentemente, a infecção tem ocorrido também em outros grupos de pacientes. O objetivo deste estudo foi descrever a crescente prevalência de Trichosporon asahii em unidade de terapia intensiva cardiológica (UTIC, com perfil de pacientes habitualmente não susceptíveis a tal infecção fúngica, relatar um caso clínico e revisão da literatura. RELATO DO CASO: Paciente do sexo feminino, 85 anos, com antecedentes de hipertensão arterial sistêmica, insuficiência cardíaca (fração de ejeção = 30% e embolia pulmonar, admitida na UTI depois de parada cardiorrespiratória em fibrilação ventricular durante consulta de rotina. Evoluiu sem seqüela neurológica. O ecocardiograma não revelou alterações em relação ao exame anterior. Não houve alteração dos indicadores de necrose miocárdica. A paciente apresentou falha na extubação traqueal e desmame difícil, necessitando ventilação mecânica prolongada mesmo após traqueostomia. Houve complicações por insuficiência renal aguda e infecções recorrentes (respiratória, urinária e sistêmica, com boa resposta ao tratamento com antibióticos de amplo espectro. Após sete meses de internação na UTI, evoluiu com choque séptico, associado à infecção urinária por Trichosporon asahii, com hemoculturas identificadas pelo mesmo fungo. Iniciado tratamento com anfotericina B lipossomal (5 mg/kg/dia. Apesar do uso associado de vancomicina e imipenem, houve piora clínica progressiva. Hemoculturas colhidas no sétimo dia de uso de antifúngico revelaram-se negativas, porém a urocultura ainda revelou o crescimento de T. asahii. Evoluiu com óbito após 18 dias de tratamento, por falência de múltiplos órgãos. CONCLUSÕES: O aumento

  11. terapias múltiples

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Valencia

    2006-01-01

    Full Text Available Se presenta la comparación de tres modalidades de intervención: terapia psicosocial, musicoterapia, y terapias múltiples, en 58 pacientes con esquizofrenia quienes fueron canalizados aleatoriamente a los tres grupos bajo estudio. Los pacientes fueron evaluados al inicio y al final de las intervenciones que tuvieron seis meses de duración. Los pacientes de las tres modalidades obtuvieron beneficios terapéuticos de distinta proporción en el funcionamiento psicosocial y en la actividad global, y con diferencias en la magnitud de la eficacia de cada intervención, siendo las más efectivas la terapia psicosocial, y la musicoterapia. No se encontraron diferencias estadísticamente significativas entre los tres grupos en cuanto a recaídas y rehospitalizaciones. En la terapia psicosocial y en la musicoterapia el grado de deserción fue en menor grado y de igual forma estas dos intervenciones presentaron un mayor nivel de adherencia terapéutica en comparación con las terapias múltiples

  12. Psoriasis y nuevas terapias

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edgardo N. Chouela R., Dr.

    2011-11-01

    Esta reseña de las nuevas terapias disponibles de la psoriasis y de las que están en camino de ser aprobadas por las autoridades sanitarias, permitirá al lector tener una idea del estado actual del tratamiento de esta enfermedad.

  13. Pós-operatório imediato de cirurgia bariátrica em unidade intensiva versus unidade de internação. Estudo retrospectivo com 828 pacientes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guilherme Loures de Araújo Penna

    Full Text Available RESUMO Objetivo: Comparar a incidência de complicações e a duração da hospitalização de pacientes submetidos à cirurgia bariátrica internados na unidade de terapia intensiva ou de internação pós-cirúrgica. Métodos: Estudo observacional, retrospectivo, que incluiu 828 pacientes admitidos entre janeiro de 2010 e fevereiro de 2015 em pós-operatório imediato de cirurgia bariátrica em um hospital. Os dados foram coletados em prontuários eletrônicos. As variáveis contínuas foram comparadas utilizando-se o teste de Mann-Whitney e as categóricas, o qui quadrado. Resultados: Os pacientes dos dois grupos possuíam características demográficas semelhantes, sem diferença significativa dos dados antropométricos e comorbidades. Comparando-se as complicações entre os dois grupos, não houve diferença significativa. No entanto, o grupo admitido na unidade de terapia intensiva teve maior tempo de internação (mediana de 3 dias versus 2 dias; p < 0,05 e custo hospitalar 8% maior. Conclusão: O presente estudo não encontrou nenhum benefício na internação rotineira de pacientes submetidos à cirurgia bariátrica em unidade de terapia intensiva. Esta prática aumentou o tempo de internação e o custo hospitalar, desperdiçando recursos. É necessária a criação de critérios objetivos para identificar pacientes que necessitem de internação em unidade de terapia intensiva após cirurgia bariátrica.

  14. Mordida aberta pelo uso prolongado da chupeta: educar para prevenir

    OpenAIRE

    Cremonesi, Luciana Lindolpho

    2015-01-01

    A mordida aberta anterior (MAA) é uma anomalia complexa e de difícil tratamento. Caracteriza-se pela falta de contato vertical entre os dentes do arco superior e inferior, sendo que esta abertura pode apresentar tamanhos diversos. Esta alteração pode ser considerada como um desvio no relacionamento vertical dos arcos maxilares superiores e inferiores. Pacientes com MAA também podem apresentar contato labial deficiente, respiração oral, fonação atípica, constrição do arco maxilar, gengivas inf...

  15. A Bíblia Hebraica, uma obra aberta

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Glauber Pereira Quintão

    2008-03-01

    Full Text Available O livro A Bíblia Hebraica como obra aberta foi originalmente concebido como uma tese de doutorado defendida por Eliana Branco Malanga, em 2002, no programa de Língua Hebraica, Literatura e Cultura Judaicas da faculdade de Letras da Universidade de São Paulo. O estudo de Malanga visa a, basicamente, verificar as possibilidades de se extender o conceito de “obra aberta”, cunhado por Umberto Eco, para uma leitura da Bíblia Hebraica. Esse conceito, tomado da teoria semiológica, compreende a designação das obras de arte que admitem “múltiplas possibilidades de decodificação em virtude da densidade de significados” que possuem (p. 19. A abertura das interpretações do texto bíblico, no entanto, parecem extrapolar os limites estruturais e permite o reconhecimento dessa abertura em um sentido muito mais amplo.

  16. Terapia Génica

    OpenAIRE

    Ignacio Zarante

    2001-01-01

    Definición
    La terapia génica es el proceso por el cual se inserta material genético en una célula, con el fin de hacer que ésta produzca una proteína normal. Las utilidades van desde curar enfermedades unigénicas hasta modificar el equilibrio del sistema inmune, permitiendo la modulación de la respuesta contra cualquier antígeno. En esencia es cambiar la secuencia del genotipo de un organismo para que tenga implicaciones fenotípicas.

    &...

  17. Panorama dos modelos de negócios emerg entes da tv digital aberta

    OpenAIRE

    Felippe Souza de Lima; Danilo Leme Bressan; Francisco Rolfsen Belda; Gisleine Fátima Durigan; Matheus Monteiro de Lima

    2015-01-01

    O presente artigo tem como objetivo descrever modelos de negócios emergentes aplicados àTV digital aberta. A partir de uma pesquisa exploratória, o trabalho apresenta a atual realidadeda televisão aberta e seus modelos de negócios. Posteriormente, é feito um mapeamentopanorâmico buscando, assim, novas oportunidades de geração de receitas em negócio decomunicação audiovisual, considerando novos recursos tecnológicos que foramproporcionados pela digitalização da televisão aberta. Por fim, são a...

  18. Factores de riesgo asociados a osteopenia del prematuro en una terapia intensiva neonatal de referencia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    MP Ríos-Moreno

    2016-03-01

    Full Text Available INTRODUCCIÓN: la enfermedad ósea metabólica del prematuro resulta de la desmineralización ósea. Existen factores que deben vigilarse con la finalidad de realizar diagnóstico y tratamiento temprano. OBJETIVO: determinar los factores de riesgo asociados a osteopenia en prematuros. MATERIALES Y MÉTODOS: estudio transversal comparativo de octubre del 2011 a octubre del 2013. Se incluyeron 120 prematuros 900 UI/L. Factores de riesgo determinados con razón de momios (OR. Estadística inferencial con c2 y t de Student. RESULTADOS: se diagnosticó enfermedad ósea metabólica en 58 prematuros (48%, peso 1067 ± 216 gramos, edad gestacional 28 ± 1.6 semanas, edad postnatal 41 ± 15.5 días. Género masculino 32 (55%. Factores de riesgo: peso < 1,000 gramos OR 4.64, (2.13-10.10, displasia broncopulmonar moderada o severa OR 3.13 (1.44-6.81, tres o más eventos de sepsis OR 3.43 (1.62 7.28, sedación prolongada OR 4.09 (1.06-15.73 y corticoide prolongado OR 9.54 (2.06-44.16.  CONCLUSIONES: nuestros resultados muestran que los factores de riesgo para enfermedad ósea metabólica del prematuro fueron peso al nacer menor de 1,000 gramos, displasia broncopulmonar moderada o severa, tres o más eventos de sepsis, sedación y corticoides durante tiempo prolongado.

  19. GERENCIAMENTO DE RECURSOS MATERIAIS: O PAPEL DA ENFERMEIRA DE UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Naiara Cristina de Oliveira

    2009-01-01

    Full Text Available Estudio descriptivo y exploratorio que tuvo como objetivo describir las actividades relativas a la administración de recursos materiales, ejercidas por la enfermera en unidad de cuidados intensivos (UCI de un hospital de aprendizaje localizado en el interior del estado de São Paulo. Los datos se recogieron a través de entrevistas grabadas, realizadas con enfermeros de las unidades de cuidados intensivos (UCI y examinados según el análisis de contenido. En las declaraciones fueron identificados aspectos recurrentes, constituyéndose tres núcleos temáticos: Adquisición de Materiales, Previsión de Existencias y Acompañamiento del Uso de Materiales. Los resultados evidencian que es importante que el enfermero tenga nociones referentes al control del uso de materiales, supervise adecuadamente el trabajo de su equipo y aun proporcione la educación y actualización constante del conocimiento con la finalidad de garantizar mejores rendimientos financieros y de calidad en el uso de recursos materiales necesarios para la asistencia al paciente.

  20. AVALIAÇÃO DA CULTURA DE SEGURANÇA DO PACIENTE EM TERAPIA INTENSIVA NEONATAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andréia Tomazoni

    2015-01-01

    Full Text Available Estudio cuantitativo, tipo survey, con la finalidad de analizar la cultura de seguridad del paciente del personal de enfermería y médico de cuatro hospitales públicos. Fueron añadidos 141 profesionales. Los datos recolectados entre febrero/abril de 2013, con la aplicación del Hospital Survey on Patient Safety Culture. Fue utilizada estadística descriptiva, clasificando las dimensiones por áreas de fortaleza o crítica. A pesar de no ocurrir un área de fuerza particular, se destacaron como las mejores áreas las Expectativas y acciones del supervisor/jefe para la promoción de la seguridad, y, Aprendizaje organizacional - mejora continua. Como área crítica se identificaron: Respuesta no punitiva al error y Apoyo a la gestión hospitalaria para la seguridad. La cultura de seguridad en las Unidades de Cuidados Intensivos Neonatales tiene potencial para convertirse en área fuerte. Llegamos a la conclusión de que se necesitan cambios culturales, especialmente en el tratamiento de errores.

  1. Factores de riesgo asociados a osteopenia del prematuro en una terapia intensiva neonatal de referencia

    OpenAIRE

    MP Ríos-Moreno; MP Salinas-López ,; NB Pérez-Ornelas ,; TL Barajas-Serrano; JC Barrera-de León

    2016-01-01

    INTRODUCCIÓN: la enfermedad ósea metabólica del prematuro resulta de la desmineralización ósea. Existen factores que deben vigilarse con la finalidad de realizar diagnóstico y tratamiento temprano. OBJETIVO: determinar los factores de riesgo asociados a osteopenia en prematuros. MATERIALES Y MÉTODOS: estudio transversal comparativo de octubre del 2011 a octubre del 2013. Se incluyeron 120 prematuros < 37 semanas gestacionales, ≤ 1,500 gramos al nacer y ≥ 21 días. Diagnóstico de la enf...

  2. Eventos adversos relacionados à gravidade e carga de trabalho de enfermagem em Unidade de Terapia Intensiva

    OpenAIRE

    Serafim, Clarita Terra Rodrigues [UNESP

    2015-01-01

    Adverse events (AEs) have been widely used as a quality assessment tool of health care as they offer the possibility of monitoring and comparisons over time. The nursing workload, as well as the severity of the patients' disease may be related to the incidence of AEs. Thus, this study aimed to identify the incidence of AEs and relate it to the severity of the patients' disease and to the workload of the nursing staff in an intensive care unit (ICU) in Sao Paulo. This is an exploratory quantit...

  3. ANÁLISE DAS ANOTAÇÕES DO ENFERMEIRO EM UMA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    MARIA CRISTINA FERREIRA FONTES

    2006-01-01

    Full Text Available This is a retrospective study of the nurse’s notes taken when patients are admitted to the Intensive Therapy Unit of a teaching hospital in the state of Paraná. As secondary database, we used the files of patients hospitalized in the second semester of 2002. Among the 241 collected files, 187 (77.6% contained the printed version of the nurse’s notes. Most notes were identified by the nurse’s rubrics (50.3% or name (38.0%. From the qualitative analysis of the 187 nurse’s notes, we extracted 515 contents, recorded with objective writing (56.6%, readable and clear handwriting (56.6%, correct abbreviations (67.0%, free from errors (95.2% and shortenings (50.7%. Although most analyzed contents were classified as adequate, we observed flaws in some of the examined characteristics. Such features suggest the need for reflection and further investigation.

  4. PERSPECTIVA DE FAMILIARES SOBRE O PROCESSO DE MORRER EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thieli Lemos de Souza

    2014-01-01

    Full Text Available Este estudio tuvo como objetivo conocer la perspectiva de la familia sobre la terminalidad de la vida en la Unidad de Cuidados Intensivos. Se trata de un enfoque cualitativo exploratorio descriptivo. Se realizaron entrevistas individuales y semi- estructuradas con ocho miembros de la familia de los pacientes terminales ingresados en una Unidad de Cuidados Intensivos de un hospital público en Porto Alegre-RS. Para el análisis de datos, se utilizó la técnica de análisis de contenido. Durante el proceso de morir, se hizo evidente que los sentimientos experimentados por los miembros de la familia son diversos, incluyendo ansiedad, inseguridad, ira, culpa y el deseo de estar con la persona. También se demostró la importancia de estar junto a la persona amada y el deseo de establecer un enlace entre equipo de salud-paciente-familia.

  5. CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA: DESAFIOS E PERSPECTIVAS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adenícia Custódia Silva e Souza

    2000-06-01

    Full Text Available Several studies point the hospital infections as he most frequent complications of the treatment in Intensive Care. Thus, in this study we sought to relate about factors that difficult infection control and to indicate aspects to be considered on attendance. Methodology: research accomplished in Intensive Care Unit of three hospitals. The data were obtained through questionaire and observation previously validated. Content analysis was accomplished. Results: The items related stand out to the attendance planning of the attendance, principles that govern the prevention and infection control, interaction between the team and challenges mentioned by nurses. Conclusion: Although the planning process, implementation and hospital infection evaluation are items very complex, given the multiplicity of intervening factors, nurses identified the principal aspects that should deserve attention. The hands washing continue being a challenge to be overcome.

  6. Radiologic protection in intensive therapy units; Protecao radiologica em unidades de terapia intensiva

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Andrea, H.; Juliana, C.; Gerusa, R.; Laurete, M.B.; Suelen, S., E-mail: andrea.huhn@ifsc.edu.br, E-mail: juliana@ifsc.edu.br, E-mail: gerusa@ifsc.edu.br, E-mail: laurete@ifsc.edu.br, E-mail: suelen.saraiva@ifsc.edu.br [Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), Florianopolis, SC (Brazil); Derech, Rodrigo D.A., E-mail: dagostiniderech@gmail.com [Policlinica Municipal Sul, Florianopolis, SC (Brazil)

    2013-11-01

    The discovery of X-ray was a great achievement for humanity, especially for the medical community. In Intensive Care Units (ICUs), the RX tests, performed with mobile devices, add immense value to the diagnosis of inpatients who do not have the option to carry them out of bed. Following the technology and its improvements, fatalities arose from misuse of ionizing radiation, which mostly gave up for lack of knowledge of the biological effects caused by them, which leads to fear among professionals and often prevents a quick job and effectively by professionals of radiological techniques. The research it is a systematic review of the literature and justified by the scarcity of materials that reflect on the radiological protection in ICUs. For this study we found the Virtual Health Library (VHL) and Pubmed were indexed terms radiological protection and intensive care units, the search in Portuguese and English terms were used radiological protection and intensive care unit. The study aims to inform professionals of ICUs on the main aspects that refer to X-rays in hospital beds, the standards of radiological protection and personal protective equipment, thus avoiding possible damage to the biological health of workers, addressing subjects in rules and laws about the X radiation, emphasizing the protection of professionals in intensive care. It is clear, finally, that little research is conducted in the context of radiological protection of workers ICU's and this is a place that receives daily RX equipment, deserving more attention to protect the worker. (author)

  7. APLICAÇÃO DO ALGORITMO DA SEPSE POR ENFERMEIROS NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paula Pedroso Peninck

    2012-01-01

    Full Text Available La sepsis es un síndrome clínico con respuesta inflamatoria sistémica asociada con foco infeccioso, que puede determinar la disfunción o falencia de múltiples órganos. Los objetivos fueron verificar la aplicación del algoritmo de la sepsis en la Unidad de Cuidados Intensivos y crear una guía de asistencia para enfermeros. Estudio exploratorio, descriptivo, con enfoque cuantitativo. Se desarrolló un instrumento de recopilación de datos basado en la literatura pertinente, sometido, corregido y validado. La muestra fue de 20 enfermeros de unidades de cuidados intensivos. Se obtuvo desempeño satisfactorio de los enfermeros, pero algunas cuestiones no alcanzaron 50% de aciertos. Se señala la importancia de que más profesionales conozcan y apliquen correctamente el algoritmo de la sepsis. Se creó una guía de asistencia de enfermería al paciente séptico, basado en dificultades ante variables aplicadas en la investigación y pertinencia literaria.

  8. Infusão de insulina em terapia intensiva: ensaio controlado randomizado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Milena Penteado Ferraro Miranda

    2013-06-01

    Full Text Available Ensaio clínico controlado e aleatorizado que comparou o uso de protocolo de insulina intensivo e convencional na evolução clínica de pacientes em sepse grave e choque séptico, nas primeiras 72 h. Foi conduzido em um hospital universitário na cidade de São Paulo. Os pacientes (n=46 foram alocados em dois grupos: glicêmico intensivo (glicemia entre 80-110mg/dl e convencional (180-220mg/dl. Utilizaram-se testes t-Student e Qui-Quadrado na análise dos dados. Observou-se diferença estatisticamente significativa (p<0,001 na média glicêmica, mas não houve diferença para as variáveis pressão arterial média mínima (p=0,06 e máxima (p=0,11, creatinina sérica (p=0,33 e na mortalidade (p=0,11. Apesar de não haver diferença entre os grupos quanto à mortalidade, a instabilidade hemodinâmica no grupo convencional foi mais duradoura e somente nele ocorreram óbitos.

  9. Dimensão sociocultural de pais de prematuros egressos de Unidades de Terapia Intensiva Neonatal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Isis Vanessa Nazareth

    2014-01-01

    Full Text Available Los objetivos fueron identificar y analizar las dimensiones sociales y culturales de padres de prematuros egresos de unidades de cuidados intensivos neonatales. Estudio cualitativo, descriptivo, basado en etnoenfermería y en la Teoría de la Diversidad y Universalidad del Cuidado Cultural, con 12 participantes. El escenario fue un hospital universitario de la ciudad de Río de Janeiro, RJ, Brasil. La recolección de datos ocurrió entre entre noviembre/2102 y abril/2013, a través de cuestionario socioeconómico cultural y observación-participación-reflexión. Análisis basado en etnoenfermería y utilización del software atlas-ti permitió encontrar la categoría analítica: la estructura sociocultural de padres de egresos de unidades de cuidados intensivos neonatales. Resultados deben ser utilizados para promover una atención culturalmente pertinente y que respecte el saber popular de padres al cuidar de hijos egresos de unidades de cuidados intensivos neonatales.

  10. ISO 9002 no centro de terapia intensiva pediátrico do Hospital Israelita Albert Einstein

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Denise Pourrat Dal Gé Lacerda

    2000-06-01

    Full Text Available A implantação do programa de qualidade no CTI-P, do HIAE, iniciou em Jan/96, visando melhoria contínua da assistência à criança e família e o desenvolvimento profissional. Utilizamos como ferramenta a Norma ISO 9002/94, que necessitou ser interpretada para a realidade hospitalar. Definimos o cronograma de trabalho, a política de qualidade norteada pela missão da Instituição e consolidada na finalidade de trabalho do serviço. Atendendo aos vinte itens da Norma, procedemos a documentação, através da elaboração do Manual da Qualidade, da revisão e padronização de rotinas e procedimentos. A equipe multiprofissional foi sensibilizada e envolvida a participar de todo o processo de implantação e avaliação do programa de Qualidade. Em Mar/98, após auditoria pela British Standards Institution foi conferido ao CTI-P - HIAE certificado ISO 9002. Ressaltamos a importância do papel do enfermeiro como líder em todo este processo. Cabe à equipe o desafio permanente da manutenção do programa de qualidade.

  11. Nursing care time in the Intensive Care Unit: evaluation of the parameters proposed in COFEN Resolution Nº 293/04 Tiempo de asistencia de enfermería en la Unidad de Cuidados Intensivos: evaluación de los parámetros propuestos por la Resolución COFEN nº 293/04 Tempo de assistência de Enfermagem em Unidade de Terapia Intensiva: avaliação dos parâmetros propostos pela Resolução COFEN nº293/04

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Maria Togeiro Fugulin

    2012-04-01

    de enfermería en UCIA.O estudo teve por objetivo avaliar os parâmetros preconizados pela Resolução COFEN nº293/04, enquanto referência para o dimensionamento de pessoal de Enfermagem em e Terapia Intensiva Adulto (UTIA. A pesquisa foi desenvolvida em seis hospitais da cidade de São Paulo. Os quantitativos médios diários de profissionais, necessários para o atendimento dos pacientes, foram calculados conforme parâmetros preconizados pelo COFEN. Os resultados obtidos foram comparados ao quantitativo diário de pessoal existente nessas unidades. Observou-se que as proporções recomendadas pelo COFEN, para a categoria enfermeiro, são superiores às utilizadas pelos hospitais estudados, configurando-se em um desafio para a Enfermagem brasileira. Constatou-se que os valores referentes aos tempos médios de assistência são adequados e constituem importante referencial para o dimensionamento do quantitativo mínimo de profissionais, nas UTIAs. Com este estudo, evidenciaram-se contribuições para a validação dos parâmetros indicados pela Resolução COFEN nº293/04, para o dimensionamento de pessoal de Enfermagem em UTIA.

  12. Implementação, avaliação e comparação dos protocolos de desmame com Tubo-T e Pressão Suporte associada à pressão expiratória final positiva em pacientes submetidos à ventilação mecânica por mais de 48 horas em unidade de terapia intensiva Implementation, assessment and comparison of the T-Tube and pressure-support weaning protocols applied to the intensive care unit patients who had received mechanical ventilation for more than 48 hours

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tatiane Colombo

    2007-03-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A retirada precoce da ventilação mecânica dos pacientes das unidades de terapia intensiva (UTI é importante para a redução da morbimortalidade, porém na prática, os desmames são realizados aleatoriamente. Face à importância desse procedimento, esse estudo avaliou a implementação de protocolos de desmame e comparou dois métodos distintos. MÉTODO: Foram incluídos no estudo 120 pacientes dependentes de ventilação mecânica por mais de 48 horas. O método de Pressão Suporte + PEEP (PSP, foi aplicado aos pacientes em dias pares, constituindo o grupo 1 (GPSP e em dias ímpares, utilizou-se o método do Tubo-T (TT, formando o grupo 2 (GTT, RESULTADOS: A resposta dos pacientes à extubação revelou evolução semelhante nos dois grupos, porém deixou claro, pela análise estatística do teste Qui-quadrado, o benefício de se utilizar um protocolo de desmame. De todos os pacientes estudados, 109 (90,83% tiveram sucesso na extubação não sendo necessário nenhum tipo de ventilação não-invasiva dentro de 24 horas após o desmame, enquanto que apenas 11 pacientes (9,17% necessitaram de ventilação mecânica não-invasiva ou de re-intubação no mesmo período, caracterizando o insucesso do desmame. CONCLUSÕES: A implementação e a padronização de protocolos de desmame da ventilação mecânica, reduziu significativamente o índice de re-intubação na UTI, diminuindo o período de internação e o índice de morbimortalidade, porém neste estudo, não foram encontradas diferenças estatísticas significativas entre os métodos analisados.BACKGROUND AND OBJECTIVES: Mechanical ventilation incurs significant morbidity and mortality, weaning intensive care unit patients is highly desirable, although it is usuallyconducted in an empirical manner. Thus, this article assessed a weaning protocol implementation and compared two different methods. METHODS: It was carried out a study involving 120 patients who

  13. Terapia Génica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ignacio Zarante

    2001-08-01

    Full Text Available

    Definición
    La terapia génica es el proceso por el cual se inserta material genético en una célula, con el fin de hacer que ésta produzca una proteína normal. Las utilidades van desde curar enfermedades unigénicas hasta modificar el equilibrio del sistema inmune, permitiendo la modulación de la respuesta contra cualquier antígeno. En esencia es cambiar la secuencia del genotipo de un organismo para que tenga implicaciones fenotípicas.

    Historia
    Desde el descubrimiento de las enzimas de restricción en el año de 1970 por Arber y Hamilton se sentaron las bases para transferir genes entre diferentes células u organismos, inclusive pertenecientes a diferentes especies. En 1978 se realizó la primera hormona recombinante insertando el gen de la insulina en una bacteria E. coli. De allí en adelante se afianzaron los conocimientos necesarios para transferir genes a células humanas con el fin de alterar el fenotipo patológico y generar una nueva forma terapéutica. La primera transferencia se realizó en el año de 1989 en un paciente con una inmunodeficiencia. Aunque no se encontraron efectos clínicos se explicitó que tampoco había efectos deletéreos como muchos apocalípticamente habían pronosticado. En 1990 se trató con terapia génica un paciente que padecía de la deficiencia de la enzima adenosin-deaminasa presentando infecciones bacterianas a repetición.

    Aunque la mejoría fue temporal, con este ensayo se comprobó que la terapia génica tenía posibilidades terapéuticas reales....

  14. Psoriasis y nuevas terapias

    OpenAIRE

    Chouela R., Edgardo N.

    2011-01-01

    La psoriasis es una enfermedad compleja, sistémica y crónica, que compromete la calidad de vida de los pacientes desde muy temprana edad y que requiere del compromiso del médico tratante para su manejo terapéutico. El mejor conocimiento de la fisiopatología de la enfermedad ha permitido el desarrollo de nuevas terapéuticas, algunas ya disponibles y otras en vías de serlo en los próximos años. Esta reseña de las nuevas terapias disponibles de la psoriasis y de las que están en camino de ...

  15. Reflexiones humanistas sobre conocimiento y servicios en terapia física, terapia ocupacional y terapia del lenguaje

    OpenAIRE

    H. de Alvarado, Marie Luise; Cuervo E., Clemencia; Trujillo R., Alicia

    2012-01-01

    Este artículo constituyó la ponencia central del XX Aniversario de las Carreras de Terapia Física, Terapia Ocupacional y Terapia del Lenguaje en la Universidad Nacional de Colombia, celebrado en marzo de 1986. Tiene como propósito fomentar la reflexión sobre la relación entre las dimensiones disciplinar y de formación del profesional de servicios humanos en Terapia Física, Terapia Ocupacional y Terapia del Lenguaje, de acuerdo a una concepción humanista.

  16. Panorama dos modelos de negócios emerg entes da tv digital aberta

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Felippe Souza de Lima

    2015-12-01

    Full Text Available O presente artigo tem como objetivo descrever modelos de negócios emergentes aplicados àTV digital aberta. A partir de uma pesquisa exploratória, o trabalho apresenta a atual realidadeda televisão aberta e seus modelos de negócios. Posteriormente, é feito um mapeamentopanorâmico buscando, assim, novas oportunidades de geração de receitas em negócio decomunicação audiovisual, considerando novos recursos tecnológicos que foramproporcionados pela digitalização da televisão aberta. Por fim, são apresentados casos,demonstrando maneiras adotadas por emissoras televisivas para gerar conteúdo adicionalmultiplataforma e desdobramentos estratégicos desenvolvidos para captar receitas por meiodestes modelos de negócios emergentes.

  17. A adaptação na obra aberta como narrativa convergente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Campos Silva

    2017-01-01

    Full Text Available Por meio da comparação narrativa do livro Os Sertões (1907 e sua adaptação para o cinema Guerra de Canudos (1997, propomos uma leitura do conceito de Obra Aberta de Umberto Eco. O processo de adaptação entre os meios de comunicação redefine o sentido dos personagens, porém considerando o processo da obra aberta entre ambas narrativas, elas se tornam convergentes. Apontando para o público uma multiplicidade de imagens midiáticas do conflito em Canudos enquanto uma realidade ficcional.

  18. Terapia de linguagem na afasia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mauro Spinelli

    1977-12-01

    Full Text Available A terapia da linguagem na afasia foi estudada em 15 pacientes, 8 do sexo masculino e 7 do sexo feminino; a idade variou de menos de 10 anos a mais de 50 anos; em 11 casos a afasia era sequela de acidente vascular cerebral e, em 4, de traumatismo crânio-encefálico. Quanto ao tipo de afasia, 5 pacientes apresentavam déficits predominantemente de expressão e 10 apresentavam déficits receptivos e expressivos em graus equiparáveis. Em 6 casos a terapia foi iniciada dentro dos 3 primeiros meses de instalação do quadro; nos restantes foi iniciada mais tardiamente. Dos 15 pacientes, 11 apresentaram evolução satisfatória, a qual não depndeu do grau de afasia, do tipo de afasia, da idade do paciente, do tipo de patologia e do intervalo entre a instalação do quadro afásico e o início da terapia. A terapia da linguagem no paciente afásico é efetiva, o prognóstico não pode ser feito a priori. Somente a evolução do caso com sua retestagem criteriosa poderá dar dados realmente úteis para se falar em evolução.

  19. Terapia gestáltica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rómulo Burga

    1981-01-01

    Full Text Available La terapia gestáltica a través de sus fundamentos básicos proporciona al hombre los medios necesarios para obtener el atoareness, que genera la auto-realización o auto-apoyo, y así alcanzar el cierre de una gestalt inconclusa, logrando la satisfacción de sus necesidades

  20. Digital Learning in Higher Education: A Training Course for Teaching Online--Universidade Aberta, Portugal

    Science.gov (United States)

    Moreira, José António; José António, Susana; Goulão, Maria de Fátima; Barros, Daniela

    2017-01-01

    This paper uses qualitative evidence to describe, explore and discuss the progress of the online teaching training course taught at the Universidade Aberta to Portuguese and foreign professors of higher education institutions. As this is an entirely online course, its pedagogical design results from the combination of the basics of open distance…

  1. Área aberta como conflito entre pedagogia(s e arquitectura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Miguel Martinho

    2012-07-01

    Full Text Available DOI: 10.12957/periferia.2010.3451Este artigo pretende “explorar” algumas explicações para a falta de sucesso das escolas de área aberta em Portugal. Mais do que contar a história deste tipo de escolas, uma das pretensões foi ilustrar algumas dificuldades e, de algum modo, as razões que conduziram a transformações radicais do espaço físico e pedagógico originalmente proposto para este tipo de organizações educacionais.Procuramos apontar alguns elementos que contribuíram para esse aparente “fracasso” (falta de estabilidade das equipes docentes, número excessivo de alunos por professor, inexistência de experiências piloto, dentre outros.As escolas de área aberta foram amplamente contestadas em Portugal. Muitos professores, administradores e até encarregados de educação consideram este modelo de escola inapropriado e por isso um “fracasso”. Recentemente, no entanto, a Escola da Ponte, uma das escolas de área aberta que “sobreviveu”, foi reconhecida num guia sobre experiências inovadoras. Curiosamente, uma das principais razões do sucesso desta escola, na opinião de elementos da equipa docente, é precisamente o seu design em área aberta.

  2. Inovação aberta e redes: enfoques, tendências e desafios

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kadigia Faccin

    2015-04-01

    Full Text Available Os benefícios relacionados ao compartilhamento de ideias e conhecimentos, entre empresas e ao empreendimento de projetos coletivos de melhoria e inovação representam ganhos significativos e intrínsecos às redes de empresas. Neste sentido é que se dá a emergência do modelo de inovação aberta, resultado do reconhecimento da impossibilidade de uma só empresa deter todas as boas ideias e recursos internamente. Com o modelo de inovação aberta as fronteiras da empresa passam a ser mais porosas às interações externas para desenvolver produtos, processos e mercados de forma colaborativa. Este artigo objetivou descrever as principais tendências de pesquisa deste novo paradigma. Utilizou-se para tanto uma pesquisa na base de dados EBSCO, totalizando a analise de dezenove artigos sobre o tema. A análise dos artigos evidenciou os principais journals de publicações sobre estes assuntos; identificou os principais centros globais de estudos nesta área; enumerou os principais temas relacionados ao estudo de redes e inovação aberta; relacionou as principais metodologias e estratégias de pesquisa utilizadas nos estudos recentes e identificou áreas para futuras pesquisas. Como resultado desta analise construiu-se um modelo teórico para entender como estão relacionados os temas entre inovação aberta e redes.Palavras-Chave: Inovação. Inovação Aberta. Redes.

  3. Terapia ocupacional en medicina paliativa

    OpenAIRE

    Nicora, Yamila

    2009-01-01

    Terapia ocupacional interviene en el tratamiento de pacientes desde muy temprana edad (recién nacidos) hasta ancianos con déficit en el desempeño de alguna o todas las áreas ocupacionales: - Actividades de la vida diaria (AVD) básicas y personales - AVDI (instrumentales) - Educación - Trabajo - Juego - Ocio - Participación Social Se tienen en cuenta las habilidades de desempeño (motoras, de procesamiento...

  4. Duelo, duelo patológico y terapia interpersonal

    National Research Council Canada - National Science Library

    Millán-González, Ricardo; Solano-Medina, Nicolás

    2010-01-01

    .... La terapia interpersonal (TI) aborda cuatro elementos principales, uno de ellos el duelo. Objetivo: Revisar la literatura existente sobre duelo, duelo patologico y tratamiento con terapia interpersonal...

  5. Terapia nutricional enteral em politraumatizados sob ventilação mecânica e oferta energética

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cecília Flávia Lopes Couto

    2012-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: O objetivo deste estudo foi avaliar a adequação energética dos pacientes politraumatizados em suporte ventilatório internados na unidade de terapia intensiva de um hospital público de Porto Alegre (RS, por meio da comparação entre as calorias prescritas e as efetivamente administradas, assim como entre as calorias estimadas pela equação de Harris-Benedict e a prescrição energética de cada paciente. MÉTODOS: Estudo de coorte prospectivo de pacientes politraumatizados, simultaneamente sob ventilação mecânica e terapia nutricional enteral. Verificou-se o tempo de permanência sob ventilação mecânica e a oferta energética durante o período de terapia nutricional enteral. A associação entre as variáveis quantitativas foi avaliada através do teste de correlação de Spearman devido à assimetria das variáveis. RESULTADOS: Foram acompanhados 60 pacientes, na faixa etária de 18 a 78 anos, sendo 81,7% do sexo masculino. Os tempos medianos de internação hospitalar, permanência na unidade de terapia intensiva e ventilação mecânica foram de 29, 14 e 6 dias, respectivamente. A média do percentual de dieta administrada foi de 68,6% (DP=18,3%. Da amostra total, 16 (26,7% pacientes receberam no mínimo 80% de suas necessidades diárias. Não houve associação estatisticamente significativa entre o valor energético total administrado e os tempos de ventilação mecânica (r s=0,130; p=0,321, de unidade de terapia intensiva (r s=-0,117; p=0,372 e de internação hospitalar (r s=-0,152; p=0,246. CONCLUSÃO: Os pacientes incluídos neste estudo não receberam com precisão o aporte energético prescrito, ficando expostos aos riscos da desnutrição e seus desfechos clínicos desfavoráveis.

  6. A economia do software de fonte aberta: razões que levam os desenvolvedores de software a participar das comunidades de fonte aberta.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristiane Sônia Arroyo

    2004-06-01

    Full Text Available Atualmente o desenvolvimento de software é uma das atividades econômicas de maior evidência no mundo dos negócios internacionais. Grandes fortunas e corporações, como a Microsoft, se fizeram com o desenvolvimento e a venda de software proprietário. Nos últimos anos, contudo, tem ocorrido grande aumento do interesse no desenvolvimento do software livre, pois a expansão de seu uso o levou a ser competitivo e até dominante em algumas áreas. Do ponto de vista econômico, o comportamento dos programadores e das companhias comerciais empenhadas em projetos de fonte aberta é intenso. Por que programadores e grandes empresas investiriam tempo e dinheiro em um projeto que não poderiam vender, para obter retornos financeiros imediatos, nem poderiam registrar direitos de propriedade sobre seu trabalho? O objetivo deste artigo foi buscar e discutir as razões que levam empresas e profissionais a participar das comunidades de software de fonte aberta. Além disso, estabeleceu-se, por meio do estudo de caso das empresas Red Hat e Grisoft, a diferença entre software livre e gratuito.

  7. Importância atribuida à rede de suporte social por mães com filhos em unidade intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosemeire Cristina Moretto Molina

    2014-03-01

    Full Text Available Pesquisa descritiva de natureza qualitativa, realizada com seis mães de crianças internadas em Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica (UTIP, objetivando apreender a importância da rede social para elas. Os dados foram coletados por meio de observação participante e entrevistas semiestruturadas. Da análise dos dados emergiram duas categorias: O compartilhar de experiências como mecanismo de enfrentamento da dor e do sofrimento e o Opoio da família nuclear, extensa e de outras pessoas durante a hospitalização da criança. Os resultados demonstraram a importância da rede social de apoio, com ênfase ao apoio familiar e à rede formada entre as mães das crianças internadas. Conclui-se que estimular a formação de grupos de apoio entre mães/cuidadoras de crianças internadas em UTIP, incluindo seus familiares, constitui estratégia essencial ao enfrentamento deste momento difícil da vida, especialmente nos casos em que estas mulheres não podem contar com uma rede social de apoio fora do hospital.

  8. Spirituality in self-care for intensive care nursing professionals La espiritualidad en el cuidado de si para profesionales de enfermería en terapia intensiva A espiritualidade no cuidado de si para profissionais de enfermagem em terapia intensiva

    OpenAIRE

    Luciana Winterkorn Dezorzi; Maria da Graça Oliveira Crossetti

    2008-01-01

    This study aimed to understand how spirituality permeates the process of caring for oneself and for others in the intensive care scenario from nursing professionals' point of view. This study used the qualitative approach of Cabral's Creative-Sensitive Method to guide information production and analysis in nine art and experience workshops. Nine nursing caregivers from the Intensive Care Unit (ICU) of a university hospital participated in the study. This article presents one of the topics tha...

  9. O estresse entre enfermeiros que atuam em Unidade de Terapia Intensiva El estrés entre enfermeros que actúan en las Unidades de Terapia Intensiva Stress among nurses who work at the intensive care unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vivian Aline Preto

    2009-12-01

    Full Text Available A presença de estresse tem sido verificada em diferentes profissionais e também entre enfermeiros de UTI, pelo fato de ser grande sua proximidade com os pacientes em sofrimento e com risco de morte. Esse fato se agrava devido à necessidade de cuidados diretos e intensivos. Este estudo, seguindo uma metodologia quantitativa, objetivou caracterizar os enfermeiros que desenvolvem suas atividades em UTI e verificar a presença de estresse entre eles. Para isso, vinte e um enfermeiros de UTIs de cinco hospitais do interior do estado de São Paulo responderam a um roteiro de perguntas direcionadas a sua caracterização e ao Inventário do Estresse em Enfermeiros. Os resultados mostraram que 57,1% dos enfermeiros estudados consideraram a UTI um local estressante e 23,8% deles apresentaram um escore elevado, indicando a presença de estresse. Tal fato demonstra que o estresse, mesmo sendo discutido desde longa data, ainda acomete esses profissionais, e as instituições ainda não oferecem atenção especial aos enfermeiros no sentido de promover sua saúde integral.La presencia de estrés ha sido verificada en diferentes profesionales y también entre enfermeros de UTIs, debido al hecho de su gran proximidad con los pacientes en sufrimiento y con riesgo de muerte. Ese hecho se agrava debido a la necesidad de prestar cuidados directos e intensivos. Este estudio, siguiendo una metodología cuantitativa, objetivó caracterizar los enfermeros que desarrollan sus actividades en la UTI y verificar la presencia de estrés entre ellos. Para esto, veintiún enfermeros de UTIs de cinco hospitales del interior del estado de São Paulo respondieron un cuestionario de preguntas dirigidas a su caracterización y al Inventario del Estrés en Enfermeros. Los resultados mostraron que 57,1% de los enfermeros estudiados consideraron la UTI un local causador de estrés y 23,8% de ellos presentaron un puntaje elevado, indicando la presencia de estrés. Este hecho demuestra que el estrés, inclusive siendo discutido desde hace mucho tiempo, todavía acomete a esos profesionales, y las instituciones todavía no ofrecen atención especial a los enfermeros en el sentido de promover su salud integral.Stress has been observed among various professionals, including intensive care unit (ICU nurses, due to their close contact with patients in distress and at the risk of death. This situation becomes worse due to the need for direct and intensive care. This study was performed to characterize nurses working at ICU and verify the presence of stress among them. A total of 21 ICU nurses from five hospitals located in the state of São Paulo answered a series of questions about the ICU and completed the Nurse Stress Inventory. Study results showed that 57.1% of nurses consider the ICU a stressful place, and 23.8% achieved a high score, indicating the presence of stress. Stress continues to affect these professionals, and institutions do not offer any special care for nurses in the sense of promoting comprehensive health care.

  10. Terapia periodontal no quirúrgica

    OpenAIRE

    Botero Zuluaga, Leticia; Botero Botero, Alejandro; Bedoya Trujillo, Juan Sebastián; Guzmán Zuluaga, Isabel Cristina

    2012-01-01

    Introducción: en el tratamiento de las enfermedades periodontales contamos con la terapia periodontal no quirúrgica, la cual ha sido avalada científicamente mostrando su efectividad. El principal objetivo de este artículo es demostrar la efectividad de la terapia periodontal no quirúrgica evidenciada en múltiples estudios con relación a las indicaciones, aspectos microbiológicos, efectos en los tejidos y la importancia de la terapia de mantenimiento una vez finalizado el tratamiento. Métodos:...

  11. Menopausia y terapia hormonal de reemplazo

    OpenAIRE

    Cobo, Edgard; Fundación Valle de Lili

    1996-01-01

    La terapia hormonal en la menopausia/ menopausia y terapia hormonal de reemplazo (THR)/¿Qué es la menopausia?/ ¿Porqué hay tanto “ruido” acerca de la menopausia, si es un evento natural en la vida de toda mujer?/ ¿Qué significa terapia hormonal de reemplazo?(THR)/ ¿Cuáles son las ventajas de recibir la THR?/ Mejoraría en la calidad de vida/ Prevención de enfermedad/ ¿Quiere esto decir que absolutamente todas las mujeres deber recibir una THR?/ ¿Cuáles son las molestias más frecuentes a las qu...

  12. Condiciones de limpieza de superficies próximas al paciente en una unidad de terapia intensiva

    OpenAIRE

    Ferreira, Adriano Menis; Andrade, Denise de; Rigotti, Marcelo Alessandro; Ferreira, Maria Verônica Ferrareze

    2011-01-01

    Surface cleaning is a well-known control procedure against the dissemination of microorganisms in the hospital environment. This prospective study, carried out in an intensive care unit over the course of 14 days, describes the cleaning/disinfection conditions of four surfaces near patients. In total, 100 assessments of the surfaces were carried out after they were cleaned. Three methods were used to evaluate cleanliness: a visual inspection, an adenosine triphosphate (ATP) bioluminescence as...

  13. Atuação da enfermagem no gerenciamento de recursos materiais em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cátia Romano

    Full Text Available Este estudo teve como objetivo identiticar a atuação da enfermagem no gerenciamento de recursos materiais em hospitais gerais. Trata-se de um trabalho descritivo, de natureza quanti-qualitativa, realizado em quatro UTIs de hospitais gerais e de grande porte da cidade de Salvador-Ba. Observou-se que, das quatro unidades, em três há a presença do enfermeiro na comissão de seleção e compra de materiais. A participação da enfermagem no processo da previsão e controle de materiais é mínima, não havendo conseqüentemente uma avaliação do material que se está comprando, ocasionando a presença, muitas vezes, de materiais similares, ociosos e de má qualidade, comprometendo direta ou indiretamente a assistência prestada. Constatou-se que a atuação da enfermagem no gerenciamento de recursos materiais ficou restrita, apenas, à reposição destes nos serviços, sem, no entanto, inserir-se efetiva e eficazmente no processo de previsão, seleção, compra e controle desses insumos.

  14. Terapia intensiva: El problema de los medios y los fines Intensive care: The means and the ends

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Gherardi

    2011-12-01

    Full Text Available La tecnología médica aplicada a la medicina del paciente agudo y grave permitió la creación de un área asistencial diferenciada y el desarrollo del cuidado intensivo como una nueva especialidad. Los nuevos medios disponibles para reemplazar o asistir funciones de órganos vitales fueron los determinantes de este avance tan importante en el desarrollo de toda la alta complejidad médica en los últimos cuarenta años. Sin embargo la aplicabilidad de estos medios, que en este caso son los soportes vitales, no se han podido sustraer de la filosofía del imperativo tecnológico que ha impregnado a toda la cultura de la sociedad contemporánea. Se observa en este tiempo una influencia perniciosa que perturba el recuerdo permanente de los fines de la medicina, que no son los de evitar la muerte o a la consideración del valor vida como un absoluto ajeno a las preferencias del paciente. Las decisiones finales en circunstancias irreversibles, en que sólo es posible mantener una vida biológica, deben ser tomadas por los médicos y los familiares.Medical technology applied to acute and severely ill patients allowed for the emergence of a differentiated area of care and the development of intensive care units. The means available to replace or assist vital organs' functions determined this crucial advance of high technology medicine in the last forty years. However, actual application of these methods -in this case, life-sustaining therapy- is not free from the technological imperative influencing all our contemporary culture. This pervasive influence adversely affects the chances to permanently remember the ends of medicine, which are not to avoid death or to consider life as the supreme value irrespectively of the patients' preferences. Final decisions in irreversible situations, where only a life in vegetative condition is possible, are to be taken by doctors and family members.

  15. Humanização em Unidade de Terapia Intensiva Adulto (UTI: compreensões da equipe de enfermagem

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvio Cruz Costa

    2009-01-01

    Full Text Available Trata-se de estudo descritivo de abordagem qualitativa cujo objetivo foi compreender como os profissionais da enfermagem (enfermeiros e técnicos percebem a política de humanização no cenário de uma UTI e sua importância nesse processo. Foi desenvolvido em uma instituição privada no município de Porto Alegre/RS, com 18 participantes. A coleta dos dados ocorreu por meio de entrevista estruturada. Da análise emergiram aspectos referentes a elementos e características que definem a humanização, bem como questões facilitadoras e dificultadoras presentes no processo. Conclui-se que a empatia, o respeito e a valorização constituem elementos fundamentais e que o profissional de enfermagem acredita fazer a diferença no processo de humanizar, com vistas a melhorar as práticas de cuidado baseadas na ética, no diálogo e na autonomia do paciente, de sua família e da própria equipe.

  16. Privacidade em unidades de terapia intensiva: direitos do paciente e implicações para a enfermagem

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Aparecida Baggio

    2011-02-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi compreender as experiências vivenciadas pelos profissionais da enfermagem sobre a privacidade do paciente internado em UTI e suas implicações. Este estudo qualitativo, mediante análise de conteúdo, originou as categorias: Expondo o corpo e a intimidade dos pacientes: atitudes e ações dos profissionais; A intimidade: dificuldades vividas pelos profissionais e reações dos pacientes; Desproteção da intimidade do paciente: contradições que emergem da prática. Os resultados apontam a necessidade dos profissionais repensarem o seu fazer em relação à proteção da privacidade do paciente, por meio de atos/atitudes que transmitam segurança nas ações do cuidado. A preservação da privacidade é direito do paciente e compromisso ético do profissional, conferindo dignidade às pessoas no processo de cuidado na UTI

  17. PERCEPÇÃO DE ENFERMEIROS SOBRE OS PAIS DE PREMATUROS EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA NEONATAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Alberto Domingues do Nascimento

    2013-01-01

    Full Text Available El objetivo fue analizar la percepción de enfermeros acerca de padres durante el tratamiento en UTI Neonatal. Investigación cualitativa, llevada a cabo de marzo a junio de 2012, por entrevista semiestructurada, con nueve enfermeros de hospital en Recife-PE, Brasil. Los datos señalaron que los padres son, inicialmente, percibidos en estado de desorganización emocional, pero, recurriendo a estrategias defensivas, y con auxilio de enfermeros, por ejemplo, a medida que estos profesionales propician informaciones clínicas y apoyo psicológico, se ajustan a la situación del tratamiento. Para mejor realizar la humanización de la atención, enfermeros destacan la necesidad del abordaje interdisciplinaria.

  18. Acogida de la familia del paciente críticamente enfermo hospitalizado en la Unidad de Terapia Intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    María Teresa Uribe-Escalante

    2004-12-01

    Full Text Available Los Familiares generan valores y estilos de vida, son los más próximos al enfermo por compartir su intimidad. A la Familia hay que cuidarla para evitar su desintegración, indiferencia y crisis. Su abordaje requiere conocimiento de su estructura familiar. El alfabetismo emocional incluye el aprendizaje del control de las emociones y el reconocimiento de los sentimientos en situaciones de crisis

  19. Diagnósticos de enfermagem em terapia intensiva: mapeamento cruzado e Taxonomia da NANDA-I

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anali Martegani Ferreira

    2016-04-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo: identificar diagnósticos de enfermagem em pacientes hospitalizados em UTI por meio do mapeamento cruzado de termos contidos nas anotações de enfermagem, com a Taxonomia da NANDA-I. Método: estudo exploratório descritivo, mediante análise retrospectiva dos registros de enfermagem em 256 prontuários de pacientes que estiveram hospitalizados na UTI geral de um hospital da fronteira oeste do Rio Grande do Sul. Extraíram-se, dos registros, termos que indicavam condições que demandavam intervenções de enfermagem, realizou-se mapeamento cruzado dos mesmos com os diagnósticos da Taxonomia da NANDA-I e confirmação em grupo focal de enfermeiros. Analisaram-se os dados utilizando-se estatística descritiva. Resultados: identificaram-se 832 termos e expressões que se referiam a 52 diferentes diagnósticos em nove dos 13 domínios da Taxonomia da NANDA-I. Conclusão: este estudo permitiu identificar diagnósticos de enfermagem presentes em pacientes hospitalizados na UTI, trazendo implicações para gestão do cuidado, processo de formação de especialistas na área e sistemas de informação.

  20. Fatores preditores para a admissão do recém-nascido na unidade de terapia intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carla Danielle Ribeiro Lages

    2014-01-01

    Full Text Available Estudio analítico, documental y retrospectivo con objetivo de determinar asociación entre factores predictivos para admisión de recién nacidos en Unidad de Cuidados Intensivosy características maternas. Muestra de 376 recién nacidos ingresados en 2009. Resultados señalaron: madres entre 19-25 años (43,4%, nivel primario de escolaridad (52,4%, viviendo en pareja (66,2%. La atención prenatal fue realizada por 84,8%, y 62% presentaron patologías gestacionales. De los recién nacidos, 55,1% eran del sexo masculino, 85,4% pretérmino, 83% de bajo peso, 57,2% con problemas respiratorios. En el análisis bivariado,hubo asociación significativa entre peso al nacer y crecimiento (p = 0,04; entre edad materna y Apgar 1 ° minuto (p = 0,04; y edad materna y Apgaren el 5 ° minuto (p = 0,01. La edad materna y el número de consultas prenatales influencian en la admisión de neonatos en Unidad de Cuidados Intensivos, pues están relacionados con peso al nacer y puntuaciones de Apgar.

  1. Prevalência e incidência de úlcera por pressão em uma unidade de terapia intensiva

    OpenAIRE

    Palhares, Valéria de Castilho [UNESP; Palhares Neto, Aristides Augusto [UNESP

    2014-01-01

    Objective: estimating the incidence and prevalence of pressure ulcers (PU). Method: a prospective study conducted with 332 patients in ICU within one year. Data collection was used to recording annotation of skin integrity and was calculated the prevalence and incidence of PU. The research project was approved by the Ethics Committee in Research, Protocol 3354-2009. Results: from the patients studied, 92 % were at risk for PU, 12% developed PU at admission, and 10% had PU on admission. From t...

  2. Protótipo de um software para registro de enfermagem em unidade de terapia intensiva neonatal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana de Medeiros Lima

    2015-01-01

    Full Text Available Introducción: el creciente volumen de informaciones originadas de los registros de enfermería exige estrategias de tratamiento del conocimiento producido, de forma que se eviten las desventajas del histórico de papel. Objetivo: se plantea en este estudio desarro - llar un software aplicado a la sistematización de la asistencia de enfermería que les brinde a los enfermeros el registro informatizado, eficiente y rápido. Metodología: se trata de un estudio metodológico con producción tecnológica, dividido en tres fases: construcción de las afirmativas de diagnósticos e intervenciones de enfermería, validación de las afirmativas y desarrollo del software. El sistema se desarrolló sobre la plataforma Java, con utilización de framework JSF, incorporado a la especificación J2EE, para desarrollar aplicaciones web de forma ágil. Resultados: el banco de datos se compone de 143 afirmativas de diagnósticos de enfermería y 130 referentes a las intervenciones de enfermería. El software desarrollado presenta 17 pantallas que incluyen datos de identificación, examen físico completo del recién nacido, organizado de acuerdo con las necesidades humanas básicas, listado de diagnósticos e intervenciones de enfermería sugeridas por el programa y hoja final para impresión. Consideraciones finales: el software proporciona la ejecución del proceso de enfermería con un registro completo, uniforme y rápido, y se constituye una importante fuente de datos para investigación.

  3. APLICATIVO INFORMATIZADO COM O NURSING ACTIVITIES SCORE: INSTRUMENTO PARA GERENCIAMENTO DA ASSISTÊNCIA EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Meire Cristina Novelli e Castro

    2009-01-01

    Full Text Available La gravedad de la enfermedad del paciente o el número de intervenciones no son siempre proporcionales a la carga de trabajo de la enfermería. Este estudio descriptivo tuvo como objetivo demostrar la trayectoria de la construcción de un aplicativo (software con el contenido del Nursing Activities Score y sus características operacionales. Se realizó un test piloto con 12 pacientes y se recolectaron los datos por 90 días consecutivos en 123 pacientes. Hubo compatibilidad en la transmisión de datos del Personal Digital Assistent para la computadora de mesa inalámbrica. La construcción del aplicativo resultó en un sistema con recolección y administración de datos y permitió realizar la interfaz gráfica. La utilización del aplicativo posibilita el uso de un sistema tecnológico para aplicación diaria, con alimentación de un banco de datos sobre las características de los cuidados requeridos. Conociendo la evolución de estas variables durante la hospitalización, el enfermero podrá planificar, intervenir y evaluar la calidad del cuidado.

  4. Coletividade aberta de pesquisa: os estilos de coaprendizagem no cenário online

    OpenAIRE

    Barros, Daniela Melaré Vieira; Okada, Alexandra; Kenski, Vani

    2012-01-01

    O presente artigo aborda a coaprendizagem na educação online, a partir da conceituação de uma coletividade aberta de pesquisa. Esta discussão é contextualizada no âmbito da sociedade em rede, em que as tecnologias da informação e da comunicação assumem particular centralidade em diversas dimensões do quotidiano. Neste contexto, a coaprendizagem formal e informal será imprescindível no desenvolvimento e exercício de competências sociais, culturais, cognitivas, tecnológicas tanto para o domínio...

  5. Reação anafilática induzida por látex em paciente submetido à apendicectomia aberta: relato de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jean Abreu Machado

    2011-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Embora crescente a incidência de alergia ao látex na população em geral, eventos graves de anafilaxia durante alguns procedimentos cirúrgicos felizmente ainda são raros, porém com morbidade e mortalidade elevados. Não apenas a prevenção, mas o diagnóstico, o pronto tratamento e o acompanhamento dos pacientes acometidos por esse evento representam um desafio para o anestesiologista. O presente relato teve por objetivo descrever um caso de anafilaxia grave ao látex e discutir seu diagnóstico e tratamento. RELATO DO CASO: Paciente do sexo feminino, 39 anos, branca com suspeita diagnóstica de apendicite, é levada para procedimento de urgência sob raquianestesia. Aproximadamente 30 minutos após o início da cirurgia, apresentou quadro de anafilaxia com parada cardiorrespiratória, revertida após tratamento. Um dos cuidados foi o isolamento de eventuais agentes causais, sendo que, posteriormente, a paciente foi encaminhada para unidade de terapia intensiva e evoluiu sem sequelas. A dosagem de IgE-RAST (Radioallergosorbent Test específico para o látex mostrou-se positiva. A paciente foi encaminhada para acompanhamento com o alergologista. CONCLUSÕES: O anestesiologista deve concentrar esforços na anamnese, mesmo em procedimentos de urgência, estando consciente das limitações que se apresentam nessas ocasiões. O prognóstico de anafilaxia depende do pronto início do tratamento adequado e o diagnóstico não se limita ao momento do evento, mas sim à determinação do fator causal. Criar um meio de acompanhar esses pacientes, a exemplo de outros centros internacionais, parece ser o caminho a ser seguido.

  6. Criatividade e clima criativo entre alunos de escolas abertas, intermediárias e tradicionais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela Rezende Matos

    Full Text Available Este estudo foi conduzido com o objetivo de investigar a criatividade e percepção do clima de sala de aula de alunos de escolas consideradas abertas, intermediárias e tradicionais. Participaram desta pesquisa 174 alunos, que cursavam a 4a série do ensino fundamental, de oito escolas particulares de Brasília. Os resultados indicaram diferenças significativas entre alunos de escolas abertas, intermediárias e tradicionais somente em relação à fluência no subteste de criatividade Complementação de Figuras, bem como interação significativa entre gênero e tipo de escola em relação à dimensão originalidade no mesmo subteste. Em relação às medidas da percepção do clima de sala de aula, os resultados revelaram haver interação significativa somente entre gênero e tipo de escola para o fator Interesse do Aluno pela Aprendizagem.

  7. Iatrogenia em Medicina Intensiva Iatrogenic in Intensive Care Medicine

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael Canineu

    2006-03-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Define-se iatrogenia ou afecções iatrogênicas como decorrentes da intervenção médica, correta ou não e justificada ou não, da qual resultam conseqüências prejudiciais ao paciente. Os cuidados em Medicina Intensiva apresentam desafios substanciais com relação à segurança do paciente. O objetivo deste artigo foi apresentar uma breve revisão da literatura sobre a iatrogenia em seus conceitos e termos básicos e suas taxas de prevalência em Medicina Intensiva. CONTEÚDO: A Medicina Intensiva fornece subsídios que melhoram a morbidade e a mortalidade, mas que também se associam a riscos significativos de eventos adversos e erros graves; as iatrogenias podem ser diminuídos com monitoração adequada ou podem ser rotuladas como agravante esperado, idiopatia e se perpetuarem no anonimato CONCLUSÕES: É fundamental reconhecer a necessidade do constante aprendizado, reciclagem e consciência da susceptibilidade ao erro; neste contexto, o respeito pelo ser humano deve nortear a conduta profissional.BACKGROUND AND OBJECTIVES: Iatrogenic conditions was due of the medical, correctly intervention or not, justified or not, which harmful consequences to the patient. The cares in Intensive Care Medicine present substantial challenges with relation to the security of the patient. The objective of this article is to make one brief revision of literature on the iatrogenic in its concepts and basic terms and its taxes prevalence in Intensive Care Medicine. CONTENTS: Intensive Care Medicine supplies subsidies that improve the morbidity and mortality, but that also the significant risks of adverse events and serious errors associate. The Iatrogenic can be minimized with the adequate monitorization or can be friction as waited aggravation, idiopathic and if to perpetuate in the anonymity. CONCLUSIONS: It is basic to recognize the necessity of the constant learning and recycling and conscience of the susceptibilities to the

  8. Síndrome de Stevens-Johnson e necrólise epidérmica tóxica em medicina intensiva Stevens-Johnson syndrome and toxical epidermal necrolysis in intensive care medicine

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Carolina Pedigoni Bulisani

    2006-09-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A Síndrome de Stevens Johnson (SSJ e Necrólise Epidérmica Tóxica (NET são reações cutâneas graves, com potencial para morbidade e mortalidade elevadas acometendo a pele e a membrana mucosa necessitando de cuidados de medicina intensiva. O objetivo deste artigo foi apresentar revisão da literatura sobre SSJ e NET. CONTEÚDO: Este artigo revisa os conceitos básicos, diagnóstico, quadro clínico e o princípio de tratamento em Unidade de Terapia Intensiva da SSJ e NET. CONCLUSÕES: Estas doenças caracterizam emergências dermatológicas e seu adequado manuseio e cuidado deve fazer parte do conhecimento rotineiro do médico intensivista.BACKGROUND AND OBJECTIVES: The Stevens Johnson Syndrome (SJS and Toxical Epidermal Necrolisys (TEN are important skin and mucosal lesions that need intensive care treatment. The aim of this article is to show a literature review about SJS and TEN. CONTENTS: This article reviews the concepts, diagnostic topics, clinical presentation and the principle of basic treatment in Intensive Care Unit for SJS and TEN. CONCLUSIONS: These illnesses are characterized as dermatological emergencies and its adequate management and cares must be part of the routine knowledge of the intensive care doctors.