WorldWideScience

Sample records for ruminal em ovinos

  1. Acidose ruminal subaguda em ovinos Santa Inês: estudo clínico, laboratorial e avaliação da laminite por termografia infravermelha e radiologia digital

    OpenAIRE

    Girardi, Annita Morais

    2016-01-01

    Este estudo avaliou o uso da termografia infravermelha e do exame radiológico digital como ferramentas de diagnóstico precoce da laminite em ovinos com acidose ruminal subaguda induzida experimentalmente e os efeitos da ingestão prolongada de alta proporção de alimento concentrado sobre as variáveis clínicas e laboratoriais. Foram utilizadas sete ovelhas adultas, com cânulas ruminais permanentes, que não tiveram prévio contato com alimento concentrado. Para a indução da acidose ruminal, inclu...

  2. EFEITO DA SALINOMICINA NA PREVENÇÃO DA ACIDOSE LÁCTICA RUMINAL EXPERIMENTAL EM OVINOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adaucides Câmara

    2013-03-01

    Full Text Available The objective of this work was to study the effectiveness of salinomycin against the lactic acidosis induced in sheep, by analyzing its effects on the clinical situation, and the physico-chemical characteristics of the ruminal fluid. We used 14 crossbred Santa Ines sheep, weighing 30 Kg. They were rumen-fistulated and subdivided into two groups of 7 animals each: the control group and the group that received the drug in the diet at a concentration of 30 mg/Kg of food for 42 days. We established the clinical and laboratory values of the ruminal samples during this phase of the experiment. At the end of the adaptation period, both groups were challenged in a process of sucrose-induced lactic acidosis, at a dose of 10 g/Kg body weight. The clinical and laboratory observations were accomplished at intervals of 4h, 8h, 12h, 16h, 24h, 32h e 48h post-induction (PI. Control and treated sheep showed clinical signs of ruminal acidosis within eight hours after induction, associated with laboratory alterations with varied intensity between the studied groups. In the animals that received salinomycin, the magnitude of the process was minimized and the time of clinical recovery was shortened in relation to the control group.

  3. DYNAMICS OF THE RUMINAL FERMENTATION IN SHEEP FEEDING WITH RATION CONTAINING DIFFERENT LEVELS OF CASHEW BY-PRODUCTS (Anacardium occidentale Efecto de la inclusion en los níveles crescentes del subproducto de caju (Anacardium occidentale L. en la dinámica de la fermentacion ruminal de ovinos DINÂMICA DA FERMENTAÇÃO RUMINAL EM OVINOS ALIMENTADOS COM RAÇÕES CONTENDO DIFERENTES NÍVEIS DE COPRODUTOS DE CAJU (Anacardium occidentale

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos Cláudio Rogério

    2009-07-01

    Full Text Available

    The study aimed to evaluate the inclusion of cashew by-product (Anacardium occidentale L. on the ammoniac nitrogen concentrations (N-NH3, pH and vollatile fatty acids concentrations (VFA of the ruminal fluid, in sheep that received diets containing the cited by-product. Twenty male, entire sheep had been distributed in four treatments with different levels of cashew by-product inclusion (zero; 19%; 38%; 52% in a randomized block design, in a split-plot project, having in the parcels the diets and the sub-parcels the times of collection (zero, two, five, eight hours after-feeding with five replications. PH was remained inside of the normal standards cited by same literature in the raised cashew by-product inclusions. Diets with zero and 52% had gotten the biggest concentrations of N-NH3. The molar ratio of the AGV in the ruminal liquid in the diets with cashew by-product was typical of rich diets in voluminous. The relation acetate: propionate was not affected by the inclusion of the cashew by-product. The inclusion of the cashew by-product in up to 19 % of the dietary total presented better resulted in that it says respect to the parameters analyzed in this work.

    KEY WORDS: Ammoniac nitrogen, Ovis aries, pH, parameters ruminate, ruminants, volatile fatty acids.

    El estudio apunto evaluar la inclusión del subproducto de caju (<em>Anacardium occidentaleem> en la concentración de nitrogeno amoniacal (N-NH3, el pH y las concentraciones de los acidos grasos vollatiles (AGV en el liquido ruminal de ovinos Palma forrageira em substituição ao feno de capim-elefante: efeito sobre consumo, digestibilidade e características de fermentação ruminal em ovinos Spineless cactus in replacement of elephantgrass hay: effect on intake, apparent digestibility and ruminal fermentation characteristics in sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Safira Valença Bispo

    2007-12-01

    Full Text Available Este experimento foi realizado com o objetivo de avaliar o efeito da substituição do feno de capim-elefante por palma forrageira (Opuntia ficus indica, Mill, como fonte de forragem, sobre o consumo e a digestibilidade aparente dos nutrientes e das características ruminais de carneiros. Cinco dietas isoproteícas foram formuladas, em que a palma forrageira substituiu 0, 14, 28, 42 e 56% do feno de capim elefante na dieta. Cinco ovinos machos não-castrados foram distribuídos em um delineamento em quadrado latino 5 x 5 (cinco períodos, cinco níveis de palma e cinco repetiç��es. Cada período experimental teve duração de 13 dias - sete para adaptação e seis dias para coleta de dados e amostras. Os consumos de MS, MO, EE, PB, CT, CNF e NDT aumentaram linearmente com a substituição do feno de capim-elefante por palma forrageira na dieta. O consumo de água diminuiu linearmente e o de FDN apresentou efeito quadrático com a substituição do feno de capim-elefante por palma forrageira na dieta. Os coeficientes de digestibilidade aparente de EE, PB, CNF e FDN não foram influenciados, enquanto os de MS, MO e CT aumentaram linearmente com a substituição do feno de capim-elefante por palma forrageira na dieta. O pH e a concentração de NH3 ruminal decresceram linearmente com a substituição do feno de capim-elefante por palma forrageira na dieta. A substituição do feno de capim-elefante por palma forrageira na dieta melhora a ingestão e o aproveitamento dos nutrientes.A study was conducted with the objective to evaluate the effects of replacing elephant-grass by spineless cactus (Opuntia ficus indica, Mill as a forage source on intake, apparent digestibility of the nutrients and of ruminal fermentation characteristics of sheep. Five iso-nitrogenous diets were formulated where spineless cactus replaced 0, 14, 28, 42 and 56% of elephantgrass in the diet. Five non-castrated male sheep were allotted to a 5 x 5 Latin square design

  4. Intoxicação experimental por narasina em ovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wouters Flademir

    1997-01-01

    Full Text Available Intoxicação pelo antibiótico ionóforo narasina foi induzida experimentalmente em 13 ovinos; desses, seis morreram espontaneamente, três foram sacrificados in extremis e quatro se recuperaram. O início dos sinais clínicos ocorria entre 2 horas e 7 dias após a administração da droga e persistiam por 7 horas a 14 dias. Inicialmente havia respiração ofegante e entrecortada, taquipnéia, febre, redução temporária do apetite ou anorexia e atonia ruminal seguidos de alterações no andar, como arrastar das pinças, apoio sobre os boletos dos membros posteriores, incoordenação, rigidez, relutância em movimentar-se e alteração na frequência e intensidade dos sons cardíacos. Ocorriam também gemidos, ranger de dentes, urina acastanhada e decúbito esternal ou lateral. Um animal apresentou morte súbita. Alterações macroscópicas foram observadas em sete dos ovinos necropsiados e consistiam de áreas pálidas nos músculos esqueléticos e no miocárdio. Os músculos mais frequentemente atingidos foram masseter, semitendíneo, esterno-cefálico, braquicefálico, extrínsecos da língua, peitoral, supra-espinhal e redondo maior. Havia hidropericárdio, edema e congestão pulmonares, fígado pálido, edema da parede da vesícula biliar, linfonodos ocasionalmente avermelhados e suculentos ao corte, edema periesofágico e entre os feixes musculares da região cervical e acúmulo de alimento semi-mastigado acumulado na cavidade oral. Histologicamente as áreas pálidas dos músculos esqueléticos e do miocárdio correspondiam a lesões degenerativo-necróticas multifocais a focalmente extensas associadas ou não a processos regenerativos, nos músculos esqueléticos, e reparativos, no miocárdio. As lesões histológicas foram mais acentuadas nos músculos da língua e dos membros.

  5. Cobre no controle da verminose gastrintestinal em ovinos

    OpenAIRE

    Gonçalves Isabel Gonçalves de; Echevarria Flavio Augusto Menezes

    2004-01-01

    Este estudo teve o objetivo de verificar o tempo de proteção do cobre contra reinfecções por helmintos gastrintestinais de ovinos em pastejo. Foram utilizados 32 ovinos da raça Corriedale, com aproximadamente 18 meses de idade, mantidos em campo nativo naturalmente contaminado por trichostrongilídeos. Os animais foram pesados e dosificados. Após, foram alocados a quatro grupos experimentais: T I (tratado com cobre e necropsiado no 28ºdia); T II (sem cobre e necropsiado no 28º dia); T III (tra...

  6. Acidose ruminal em caprinos

    OpenAIRE

    Cunha, José Diogo de Oliveira e silva Ribeiro da

    2012-01-01

    Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária Com este trabalho pretendeu-se fazer uma revisão acerca da acidose ruminal em caprinos, visto haver pouca bibliografia sobre o tema. Este trabalho foi baseado na revisão bibliográfica de artigos científicos e completado através da observação de casos clínicos ocorridos durante o estágio curricular. O objectivo deste estudo foi realizar uma breve revisão da anatomia e fisiologia do tracto gastrointestinal dos caprinos assim com...

  7. Acidose ruminal em caprinos

    OpenAIRE

    Cunha, José Diogo de Oliveira e silva Ribeiro da

    2012-01-01

    Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária Com este trabalho pretendeu-se fazer uma revisão acerca da acidose ruminal em caprinos, visto haver pouca bibliografia sobre o tema. Este trabalho foi baseado na revisão bibliográfica de artigos científicos e completado através da observação de casos clínicos ocorridos durante o estágio curricular. O objectivo deste estudo foi realizar uma breve revisão da anatomia e fisiologia do tracto gastrointestinal dos caprinos assim com...

  8. Estimativa da degradabilidade ruminal de alimentos utilizando a técnica de produção de gás em bovinos, ovinos e caprinos Estimate of the ruminal degradability of some feeds using gas production technique in cattle, sheep, and goats

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roseli Aparecida dos Santos

    2003-06-01

    Full Text Available Conduziu-se este trabalho com o objetivo de validar a técnica de produção de gás na avaliação de alimentos concentrados e volumosos e as possíveis diferenças entre bovinos, ovinos e caprinos quanto à degradação desses alimentos. O experimento foi conduzido no Laboratório de Pesquisa Animal do Departamento de Zootecnia da UFLA. O líquido ruminal (inóculo foi originado de três vacas Holandesas, três ovelhas e três cabras sem raça definida, fistuladas no rúmen. Foram avaliadas as frações solúvel em detergente neutro (SDN e fibra em detergente neutro(FDN de fubá de milho, farelo de soja, farelo de algodão, caroço de algodão, farelo de trigo, polpa cítrica, feno de alfafa, feno de coast cross, silagem de milho e silagem de capim. As leituras do volume cumulativo de gás foram feitas 1, 2, 3, 4, 5, 6, 12, 18, 24, 30, 36, 48, 60 e 72 horas após a incubação. Não houve diferença (P>0,05 entre as espécies, para nenhuma das variáveis estudadas. A fração SDN apresentou maior produção de gás e taxa de degradação em relação a FDN. A técnica de produção de gás permitiu estimar as taxas de digestão das frações insolúveis e, principalmente, das frações solúveis dos carboidratos totais.The objective of this work was to validate the technique of gas production in the evaluation of concentrated feeds and roughages, and the possible differences between cattle, sheep, and goats, regarding the degradation of these feeds. The experiment was carried out in the Laboratory of Animal Research at the Animal Science Department - Federal University of Lavras, Brazil. The ruminal liquor came from three Holstein cows, three sheep, and three goats, without defined race. All were fistulated in the rumen. The neutral detergent soluble fraction (NDS and neutral detergent fiber (NDF, of ground corn, soybean meal, cotton meal, cotton seed, wheat meal, citrus pulp, alfalfa hay, coast cross hay, corn silage and grass silage were

  9. Pitiose em ovinos nos estados de Pernambuco e Bahia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manuel V. Carrera

    2013-04-01

    Full Text Available A pitiose é uma doença infecciosa causada pelo oomiceto aquático P. insidiosum que acomete animais e o homem, especialmente habitantes de áreas úmidas. A enfermidade apresenta como característica principal a formação de lesões com aspecto granulomatoso nos hospedeiros. Neste trabalho, relatou-se a ocorrência da pitiose em ovinos nos estados de Pernambuco (PE e Bahia (BA, Nordeste do Brasil, bem como foi avaliada a eficácia de um imunoterápico frente a esta enfermidade. Amostras de sangue de 53 ovinos foram coletadas, sendo 49 animais oriundos de propriedades localizadas em PE e quatro animais provenientes da BA. Sete ovinos demonstraram sinais clínicos de pitiose ovina. Um dos animais foi submetido à eutanásia e sua cabeça e linfonodo submandibular foram coletados e enviados para análises laboratoriais. Seis ovinos foram submetidos à imunoterapia, sendo mantidos nas instalações do setor de ovinocultura da Univasf/Petrolina-PE durante o tratamento. As técnicas de ELISA, cultura fúngica e reação em cadeia da polimerase (PCR foram utilizadas como métodos diagnósticos da pitiose ovina, sendo eficientes para confirmação dos casos clínicos no rebanho. Ao exame microscópico do material coletado da cavidade nasal de um animal eutanasiado, observou-se uma área focalmente extensa de necrose com presença de infiltrado difuso de neutrófilos íntegros e degenerados margeando a cartilagem. Somente um animal apresentou cura clínica, indicando uma eficiência no tratamento da pitiose de 16,7% (1/6. O aumento de casos de pitiose tem sido denotado em diversos municípios de PE e da BA. Neste contexto, o emprego do imunoterápico pode ser uma alternativa a ser pesquisada. Portanto, estudos futuros devem ser realizados para investigar o efeito da imunoterapia aplicada à pitiose em ovinos.

  10. Digestibilidade e balanço de nitrogênio de rações com diferentes teores de proteína degradável no rúmen e milho moído como fonte de amido em ovinos Digestibility and nitrogen balance of sheep diets containing different levels of ruminal degradable protein and ground corn

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lúcia Maria Zeoula

    2006-10-01

    Full Text Available O objetivo neste trabalho foi avaliar a digestibilidade aparente de rações com diferentes teores de proteína degradável no rúmen (PDR e fonte de amido de baixa degradabilidade ruminal (milho moído em ovinos. Utilizaram-se quatro ovinos castrados, sem raça definida (SRD, com peso vivo médio de 38,5 kg, em um delineamento experimental quadrado latino 4 x 4. As quatro rações experimentais utilizadas foram compostas de 75% de volumoso (feno de aveia e 25% de concentrado à base de milho moído (MM, farelo de soja (FS, farelo de algodão (FA, farinha de peixe (FP, uréia e sal mineral, compostas com quatro teores de PDR (46, 50, 54 e 58% de PDR nas rações. Determinaram-se a digestibilidade aparente total dos nutrientes e o balanço de nitrogênio nos animais alimentados com as rações experimentais. Os consumos de MS, MO, PB, amido, FDN e FDA não diferiram entre as rações testadas. Da mesma forma, o nitrogênio ingerido (NI, o N excretado nas fezes e na urina, em g/dia, o balanço de nitrogênio (%NI e os coeficientes de digestibilidade da MS, MO, PB, FDN e FDA não diferiram entre as rações experimentais, sendo estimados valores médios de 31,68; 6,34; 11,31 g/dia e 44,27% NI, respectivamente, e de 71,90; 73,00; 79,70; 61,10; e 52,00%, respectivamente. Independentemente dos teores de PDR em rações contendo milho como fonte de amido de baixa degradabilidade ruminal, não houve efeitos sobre a digestibilidade aparente dos nutrientes e o balanço de nitrogênio em ovinos.Four castrated sheep averaging 38.5 kg of body weight were randomly assigned to a 4 x 4 Latin square to evaluate the apparent digestibility of nutrients and nitrogen balance (NB on diets containing different levels of rumen degradable protein (RDP: 46, 50, 54, and 58% and ground corn. The four experimental diets were composed by 75% of forage (oat hay and 25% of concentrate containing ground corn (GC, soybean meal (SM, cottonseed meal (CM, fish meal (FM, urea, and

  11. Anticorpos contra lentivírus de pequenos ruminantes em caprinos e ovinos em abatedouros do estado de Pernambuco Small ruminant lentivirus infection in goats and sheep from two abattoirs in Pernambuco State, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.M.M. Oliveira

    2006-10-01

    Full Text Available The prevalence of small ruminant lentivirus (SRL infection was evaluated in goats and sheep in two counties of Pernambuco State, Brasil. Seriological examinations were performed from a total of 672 goats and 325 sheep, one year of age and older, at two abattoirs. Sera were analyzed by agar gel immunodiffusion using Maedi-Visna K-1514 antigens. There were 42 reactive samples (95% confidence interval 3.6% to 4.9% in both slaughter houses. In São Lourenço da Mata county, 3.2% and 4.0% of goat and sheep sera were responsive, whereas in Paulista county, 5.1% of goat samples and 8.2% of sheep were reactive. Thus, the prevalence of small ruminant lentivirus was low in goats and sheep sampled from the region.

  12. Scrapie e seu diagnóstico diferencial em ovinos no Mato Grosso do Sul

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Héllen M. Martins

    2012-12-01

    Full Text Available Scrapie é uma doença infecciosa, neurodegenerativa fatal, causada pelo príon scrapie (PrPsc. Apresenta-se tanto na forma clássica em ovinos e caprinos geneticamente susceptíveis quanto na forma atípica em ovinos. A primeira notificação oficial do Brasil à Organização Mundial de Saúde Animal (OIE, um caso da forma clássica diagnosticado no Rio Grande do Sul ocorreu em 1985, mas a doença já havia sido diagnosticada no mesmo Estado em 1978. Este trabalho objetivou descrever dois surtos de Scrapie em ovinos em Mato Grosso do Sul (MS, Brasil e investigar, por meio de imuno-histoquímica (IHQ a presença de PrPsc no Sistema Nervoso Central (SNC de ovinos examinados entre 2003 e 2010. Na primeira parte observaram-se dois ovinos com sinais clínicos típicos de scrapie, detalhando-se os sinais neurológicos, dados epidemiológicos, histopatológicos e amostras teciduais em duplicata desses ovinos foram encaminhadas para realização de diagnóstico de Raiva e para diagnóstico IHQ para príon. Na segunda parte realizou-se levantamento de laudos de necropsia e diagnósticos histopatológicos de ovinos, no período de maio de 2003 a março de 2010. Amostras de sistema nervoso central de 51 casos foram selecionados, incluindo os dois já com diagnóstico de Scrapie mencionados acima; os tecido de todos esses ovinos foram submetidos à IHQ para detecção de proteína priônica. Os 49 ovinos avaliados apresentaram resultado negativo na IHQ para príon.

  13. INTOXICAÇÃO EXPERIMENTAL POR Phytolacca decandra EM OVINOS

    OpenAIRE

    Ecco, Roselene; Barros,Claudio Severo Lombardo de; Irigoyen,Luiz Francisco

    2001-01-01

    Doses únicas de 10 a 25g/kg das folhas verdes de Phytolacca decandra foram administradas oralmente a 11 ovinos. Dois desses ovinos (20 e 25g/kg) morreram 6 horas após a ingestão da planta e os outros nove adoeceram levemente e se recuperaram. Um outro ovino recebeu 4 doses diárias de 5g/kg da mesma planta. Esse ovino e outros dois usados como controles não adoeceram. Os principais sinais clínicos nos ovinos afetados foram dor abdominal, inquietação, manoteio, distúrbios respiratórios, tremore...

  14. Intoxicação espontânea por Baccharis coridifolia (Compositae) em ovinos

    OpenAIRE

    Rozza,Daniela B.; Djeison L. Raymundo; André M.R. Corrêa; Leal,Juliano; Anderson L. Seitz; Driemeier, David; Edson M. Colodel

    2006-01-01

    Descreve-se uma mortalidade de ovinos associada à intoxicação espontânea por Baccharis coridifolia ("mio-mio"). A intoxicação ocorreu no município de Caxias do Sul, RS, em novembro de 2004. De um lote de 212 ovinos, provenientes de pastagens livres de B. coridifolia, no município de Jaguarão, RS, morreram 35 ovinos em até 5 dias após serem liberadas para o pasto onde mio-mio era encontrado em abundância, apesar de terem sido removidos deste pasto 1 dia e meio após sua introdução. Ovinos que a...

  15. Manifestações clínicas da cetose nervosa induzida por isopropanol em ovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina Akiko Sato Cabral Araújo

    2013-12-01

    Full Text Available Doze ovelhas hígidas, não prenhes e não lactentes foram submetidas a um protocolo de indução experimental de cetose nervosa para a avaliação de sintomatologia nos quadros de cetose e Toxemia da Prenhez. Neste protocolo, oito animais foram submetidos a infusão de 150 mL de solução de isopropanol a 35% na veia jugular, constituindo o grupo Tratado (GT, e quatro ovinos foram tratados identicamente com solução salina isotônica (NaCl 0,9%, constituindo o grupo Controle (GC no decorrer de 40 minutos. Os animais do GT apresentaram aumento da frequência cardíaca (FC aos 40 minutos de infusão e redução no movimento ruminal a partir dos 10 minutos de infusão com isopropanol, o qual permaneceu diminuído ate 10 minutos do termino da infusão. A atonia ruminal ocorreu em três animais, que manifestaram em seguida leve meteorismo gasoso. A infusão de isopropanol provocou o surgimento de sintomas nervosos como, depressão e sonolência, cambaleios, adução de membros posteriores, pressão da cabeça em obstáculo, ranger de dentes e cegueira quase sempre acompanhada de diminuição do reflexo pupilar e nistagmo. Todos os animais exalaram forte odor cetótico com poucos minutos do inicio da indução, fato que ajudou a eliminação do isopropanol do organismo. Os presentes resultados sugerem que parte dos sintomas nervosos verificados na Toxemia da Prenhez possa ser oriunda da ação do isopropanol. Estes resultados abrem novas perspectivas para o melhor entendimento da patogenia da Toxemia da Prenhez em ovinos.

  16. Intoxicação experimental por Ateleia glazioviana (Leg.Papilionoideae em ovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Stigger Adriana Lücke

    2001-01-01

    Full Text Available Sete ovelhas receberam as folhas de Ateleia glazioviana em doses predeterminadas. Um outro ovino serviu de controle. As quantidades totais (g/kg/peso corporal de planta consumidas pelos ovinos foram 75 por 60 dias (Ovino 6, 125 por 25 dias (Ovino 4, 130 por 13 dias (Ovino 7, 150 por 60 dias (Ovino 5, 180 por 18 dias (Ovino 3, 330 por 33 dias (Ovino 2 e 375 por 25 dias (Ovino 1. Seis ovinos receberam folhas verdes e o Ovino 7 recebeu folhas dessecadas. Cinco ovinos (Ovinos 1-4 e 7 desenvolveram sinais clínicos 8 a 16 dias após a primeira administração da planta. A evolução do quadro clínico foi de 6 a 50 dias e os sinais clínicos incluíram apatia, perda do apetite, taquicardia e taquipnéia. Os ovinos afetados apresentavam relutância em mover-se, cabeça baixa, instabilidade dos membros pélvicos e andar cambaleante. Alguns dos ovinos afetados apoiavam o corpo contra a parede da baia. Os Ovinos 1, 3 e 4 morreram espontaneamente; movimentos de pedalagem precederam a morte. Os Ovinos 2 e 7 foram submetidos à eutanásia com sinais clínicos avançados da toxicose. Os Ovinos 5 e 6 não adoeceram e foram sacrificados junto com o controle 103 dias após a primeira administração da planta. Todos os ovinos foram necropsiados e vários órgãos, incluindo coração e encéfalo, foram avaliados histologicamente. Além disso, fragmentos de miocárdio dos Ovinos 3 e 4 foram avaliados por microscopia eletrônica de transmissão. A fim de se obter mais controles para a avaliação das lesões do miocárdio, coletaram-se os corações de seis ovinos abatidos para consumo em um abatedouro que sabidamente recebe ovinos originários de uma região livre de A. glazioviana. Esses corações foram processados para histologia e examinados da mesma maneira que os outros oito. Todos os ovinos tratados (que receberam a planta apresentaram lesões macroscópicas. Havia áreas firmes, irregulares, branco-amareladas no miocárdio de todos os ovinos tratados

  17. Intoxicação por Erythroxylum deciduum (Erythroxylaceae em ovinos Poisoning by Erythroxylum deciduum (Erythroxylaceae in sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edson Moleta Colodel

    2004-09-01

    Full Text Available Este trabalho descreve os aspectos epidemiológicos, clínicos e patológicos da intoxicação natural pelos frutos de Erythroxylum deciduum ("cocão" em ovinos, que ocorreu de janeiro a março de 2004, no município de Lagoa Vermelha, RS. A doença foi reproduzida pela administração dos frutos de E. deciduum por via oral a 5 ovinos. Destes, três adoeceram e morreram. Os frutos de E. deciduum foram tóxicos em dose única de 60g/kg ou quando fracionado em pelo menos 4 doses de 17 g/kg a cada 12 horas. Os principais sinais clínicos nos animais intoxicados natural e experimentalmente, foram neurológicos e caracterizados por ataxia, hiperexcitabilidade e tremores musculares que se pronunciavam durante o manejo. Próximo à morte, os ovinos apresentavam dispnéia com respiração abdominal e cianose. Na necropsia as alterações mais importantes, em 6 casos de intoxicação espontânea e os 3 ovinos experimentalmente intoxicados, foram edema e congestão pulmonar acentuada e a presença de frutos ou sementes de E. deciduum no conteúdo ruminal. Histologicamente, exceto edema e congestão pulmonar, não foram encontradas outras alterações significativas.The epidemiological, clinical and pathological aspects of natural poisoning caused by Erythroxylum deciduum fruits in sheep are reported. The outbreak occurred from January to March of 2004, in Lagoa Vermelha county, state of Rio Grande do Sul, Brazil. The poisoning was experimentally reproduced by oral administration of E. deciduum fruits to 5 sheep.Three of them developed neurological signs and died. Poisoning was caused with a single dose of 60g/kg or when the dosage was fractioned into at least 4 doses of 17 g/kg given every 12 hours. The main clinical signs in natural and experimentally poisoned sheep were ataxia, hyperexcitability and muscular tremors which where more pronounced when the animals were moved. At the final stage, dyspnea with abdominal breathing and cyanosis was observed

  18. Intoxicação experimental por Metternichia princeps (Solanaceae em ovinos e bovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Saulo A. Caldas

    2012-10-01

    Full Text Available Metternichia princeps foi responsabilizada pelas mortes que ocorreram em caprinos em uma criação de cabras no município de Itaguaí, estado do Rio de Janeiro; comprovou-se sua toxidez em caprinos e em coelhos. No presente estudo os ovinos e bovinos também foram sensíveis à intoxicação pelas folhas de M. princeps. A menor dose que causou a morte dos ovinos foi 10g/kg e dos bovinos foi 20g/kg. A sintomatologia nas duas espécies foi pouco específica; a evolução da intoxicação experimental nos ovinos variou de 6h4min a 99h e nos bovinos foi de 4h46min a 75h30min. Nos achados de necropsia destacaram-se derrames cavitários e edemas, especialmente no tecido perirrenal (presente em 4 de 6 dos ovinos e em 2 de 3 bovinos. Muito características foram as alterações renais, sob forma de necrose coagulativa dos túbulos uriníferos no córtex renal (encontrada em 8 dos 9 bovinos, exceto em um, no qual a evolução da intoxicação foi muito breve, e em todos os 6 ovinos. Em 5 dos 6 ovinos foi constatada, adicionalmente, lesão hepática sob forma de uma tumefação difusa de todos os hepatócitos, alteração que não foi verificada nos bovinos.

  19. Toxicidade do pericarpo da Jatropha curcas em ovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    O.R. Ferreira

    2012-06-01

    Full Text Available O pinhão manso (Jatropha curcas é uma planta cultivada para a produção de biocombustível. O pericarpo é um coproduto com potencial para alimentação animal, e a presença de componentes tóxicos, principalmente ésteres de forbol, pode limitar sua utilização. Assim, objetivou-se avaliar a toxicidade do pericarpo. Vinte ovinos foram distribuídos em quatro grupos - um grupo-controle, que não recebeu a planta, e três experimentais, que receberam o pericarpo nas concentrações de 15% (G15, 30% (G30 e 45% (G45, durante 23 dias. Após o 10º dia, a ingestão do pericarpo promoveu redução do consumo de alimento, diarreia, desidratação e caquexia. Todos os grupos tratados apresentaram redução na concentração de fosfatase alcalina. Animais do G30 apresentaram redução na concentração de ureia e proteínas totais e elevação de potássio e sódio. No G45, houve aumento de aspartato aminotransferase, albumina, creatinina bilirrubina indireta e total. A avaliação anatomo-histopatológica revelou ascite, hidropericárdio, congestão no trato gastrintestinal e nos pulmões, edema pulmonar, aderências à parede torácica, degeneração hepática centrolobular e das células tubulares renais, pneumonia linfo-histiocitica e enterite linfoplasmocitária e histiocítica. À análise fitoquímica, constatou-se 0,3845mg de ésteres de forbol/g de pericarpo. Conclui-se que o pericarpo de J. curcas é tóxico, não sendo recomendado para alimentação de ovinos.

  1. Citologia aspirativa no diagnóstico da linfadenite em ovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcio G Ribeiro

    2011-10-01

    Full Text Available O presente estudo investigou o uso da cito-(73,0%, Arcanobacterium pyogenes (6,0%, Streptococlogia aspirativa com agulha fina no diagnóstico da lin-cus spp. β hemolítico (5,0% e Escherichia coli (4,0% fadenite em ovinos e a ocorrência de microrganismos foram os microrganismos mais frequentes nos animais nos linfonodos com lesões, com ênfase no isolamento de com linfadenite. Streptococcus spp. (21,0% e Staphylo-Corynebacterium pseudotuberculosis. Foram utilizados coccus spp. (7,0% foram as bactérias isoladas com 100 linfonodos de ovinos com aumento de volume su-maior frequência nos linfonodos sem lesões colhidos em gestivos de linfadenite e 100 linfonodos de ovinos sem abatedouro. A punção aspirativa com agulha fina perlesões, colhidos em abatedouro. C. pseudotuberculosis mitiu identificar microrganismos "corineformes" em 79 (79,0% animais com linfadenite e, destes, 73 (73,0% foram identificados como C. pseudotuberculosis. Nenhuma linhagem de C. pseudotuberculosis foi isolada dos linfonodos dos animais sem lesões. Concluiu-se que C. pseudotuberculosis foi o microrganismo mais freqüente nos ovinos com linfadenite, e que a citologia aspirativa pode ser utilizada como método de triagem no diagnóstico da linfadenite caseosa ovina

  2. Surto de abscesso mandibular por Pseudomonas aeruginosa em ovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rogério Martins Amorim

    2011-09-01

    Full Text Available Descreve-se um surto de abscesso mandibular em ovelhas da raça Bergamácia no município de Botucatu, estado de São Paulo. Do rebanho de 120 animais, 35 apresentaram aumento de volume mandibular com a presença de nódulos únicos, de consistência pétrea, de diferentes tamanhos, fistulados ou não e sem indicativos de inflamação dos tecidos moles adjacentes. Os animais eram criados em pasto de Panicum maximum cv. Tanzânia com água e sal mineral ad libitum e everminados, via oral, com pistolas dosificadoras. O material para diagnóstico microbiológico e antibiograma foi coletado de cinco animais acometidos, por punção e aspiração dos nódulos. Dos 35 animais acometidos, 19 foram submetidos ao exame radiográfico, um ao exame tomográfico e outro à biópsia óssea da região submandibular. O único ovino que morreu, encontrava-se em estado de caquexia provavelmente devido à localização do aumento de volume que afetou a implantação dos dentes molares daquela região impedindo a apreensão e mastigação adequadas levando a perda da condição corporal e morte. Ao exame necroscópico, observaram-se áreas de necrose caseosa na mandíbula direita de onde isolou-se Pseudomonas aeruginosa. O tratamento utilizado foi baseado na aplicação de iodeto de sódio a 10% por via intramuscular e antibioticoterapia segundo antibiograma com enrofloxacina por via intramuscular, porém com pouca eficácia. Diante do quadro clínico, dos dados de anamnese, da localização das lesões no tecido ósseo mandibular, do resultado do cultivo microbiológico, das alterações radiográficas e tomográficas foi feito o diagnóstico de abscesso mandibular causado por Pseudomonas aeruginosa.

  3. Intoxicação em ovinos por Nierembergia veitchii: observações em quatro surtos Poisoning in sheep by Nierembergia veitchii: observations in four outbreaks

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Ricardo Rissi

    2007-10-01

    Full Text Available Foram observados casos de morte súbita e doença crônica e caquetizante em ovinos provenientes de quatro rebanhos localizados em três municípios do Rio Grande do Sul, Brasil, entre junho de 2001 e maio de 2006. De uma população total sob risco de 460 ovinos, 43 foram afetados, 29 morreram espontaneamente e 10 foram eutanasiados. Treze ovinos, provenientes dos Surtos 1 e 4, apresentaram morte súbita e grande quantidade de espuma branca na cavidade nasal e oral e 30 ovinos, provenientes dos Surtos 2 e 3, apresentaram doença crônica com perda de peso, relutância em se movimentar, andar rígido, abdômen retraído e cifose. Doze ovinos foram necropsiados. Lesões de necropsia incluíam má condição da carcaça, com depleção dos depósitos de gordura, e mineralização de vários tecidos. Havia evidente rigidez das grandes artérias, que apresentavam superfície intimal irregular e dura, com múltiplas placas irregulares brancas e opacas. Áreas semelhantes de mineralização também eram observadas no endocárdio valvar ou mural, nas serosas uterina, omasal, ruminal e reticular e no parênquima renal. Em seis ovinos havia moderado a acentuado edema pulmonar e em sete ovinos havia áreas multifocais ou coalescentes, brancas e duras, na superfície subpleural dos pulmões. Histologicamente havia mineralização sistêmica dos tecidos, caracterizada por fina granulação basofílica em vários órgãos. Nas artérias, a mineralização era observada principalmente na túnica média e freqüentemente havia proliferação intimal e ocasional metaplasia condróide ou óssea da média. Em sete ovinos foi observada mineralização dos vasos da rete mirabile carotídea. No miocárdio e no pulmão, podiam ser observados focos de calcificação e metaplasia óssea em cardiomiócitos e septos alveolares, respectivamente. Em cada uma das propriedades onde ocorreram os casos havia infestação da pastagem por Nierembergia veitchii.Sudden death and

  4. Intoxicação experimental por Indigofera suffruticosa em caprinos e ovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anna P.M. de Figueiredo

    2012-02-01

    Full Text Available Indigofera suffruticosa é uma planta invasora, ção. Em um caprino e um ovino foram realizados os testes que causa anemia hemolítica com hemoglobinúria em bo-de fragilidade osmótica, determinação de hemoglobina e vinos e, experimentalmente, anemia sem hemoglobinúria metemoglobina e pesquisa de corpúsculos de Heinz. Foi em cobaios. O objetivo deste trabalho foi determinar a comprovado que em caprinos e ovinos, I. suffruticosa cautoxicidade de I. suffruticosa para caprinos e ovinos. Par-sa anemia hemolítica sem hemoglobinúria com formação tes aéreas da planta foram administradas a seis caprinos de corpúsculos de Heinz. Os animais recuperaram-se da e quatro ovinos em doses diárias de 10, 20 e 40g por kg anemia, total ou parcialmente, mesmo com a continuidade de peso vivo, durante períodos de 2 a 24 dias. Foram ava-da administração da planta. Oito a 12 horas após a coleliados os parâmetros hematológicos (hematócrito, níveis ta observa-se pigmento azulado na urina. Sugere-se que o de hemoglobina e contagem de hemácias e foi coletada pigmento seja anilina ou algum metabolito dessa substânurina para urinálise e observação de variações na coloracia e que a anilina seja o princípio ativo responsável pela hemólise causada por I. suffruticosa.

  5. Polioencefalomalacia experimental induzida por amprólio em ovinos Experimentally amprolium-induced polioencephalomalacia in sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabiano J.F. de Sant'Ana

    2009-09-01

    Full Text Available Para estabelecer um modelo experimental para o estudo da etiologia, patologia e patogênese da polioencefalomalacia em ruminantes, a condição foi induzida em cinco ovinos pela administração oral de amprólio nas doses diárias de 500 e 1.000mg/kg de peso animal, respectivamente por 28-59 dias e 13-39 dias. Todos os ovinos morreram ou foram eutanasiados in extremis após um curso clínico de 3-7 dias. Os sinais clínicos incluíam depressão, incoordenação, midríase, bruxismo, cegueira e decúbito com opistótono e movimentos de pedalagem. Salivação excessiva e posição de cavalete foi observada em um ovino e mioclonias em um outro. Os principais achados de necropsia restringiam-se ao sistema nervoso central e incluíam tumefação do encéfalo com achatamento dos giros telencefálicos e hemorragias nos lobos parietal e occipital do telencéfalo; as hemorragias ocorriam também nas áreas submeníngeas da medula espinhal e do mesencéfalo. Histologicamente, havia necrose segmentar laminar de neurônios (neurônios vermelhos associada a edema, tumefação de células endoteliais, hemorragias e infiltração por macrófagos espumosos (células gitter. Essas alterações eram mais marcadas nos lobos frontal, parietal e occipital do telencéfalo e havia uma demarcação abrupta entre as lesões e o neurópilo normal adjacente. Adicionalmente, lesões semelhantes, mas menos acentuadas, eram observadas no mesencéfalo, tálamo e hipocampo. Levando em consideração a reproducibilidade regular dos aspectos da polioencefalomalacia em ovinos pela administração de amprólio, esse modelo pode ser útil para o estudo da doença.In order to establish an experimental model for the study of the etiology, pathology, and pathogenesis of polioencephalomalacia in ruminants, the condition was induced in five sheep by oral administration of amprolium at daily doses of 500 and 1,000mg per kg of body weight respectively for 28-59 days and for 13-39 days

  6. Principais aspectos da infecção por Leptospira sp em ovinos

    OpenAIRE

    Melo, Luiza de Souza Seixas; de Castro, Márcio Botelho; Leite,Rômulo Cerqueira; Moreira, Élvio Carlos; Melo, Cristiano Barros de

    2010-01-01

    Este trabalho tem como objetivo revisar as infecções por Leptospira sp em ovinos. São abordados os aspectos epidemiológicos, incluindo a ocorrência no Brasil e as formas de transmissão, os sinais clínicos e as lesões, o diagnóstico e as medidas de prevenção e controle.

  7. Detecção molecular de ovinos carreadores de Leptospira em ambiente tropical

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ariel Director

    2014-12-01

    Full Text Available O objetivo do presente estudo foi analisar a aplicabilidade da PCR na detecção de ovinos carreadores de Leptospira em ambiente tropical. Brevemente, dois rebanhos ovinos, previamente reportados como sororeativo (A e soronegativo (B foram selecionados para este estudo. Da totalidade de animais de cada rebanho, amostras de urina e fluido vaginal (FV/sêmen foram colhidas para cultura bacteriológica e PCR. Além disso, amostras de soro foram colhidas e utilizadas na sorologia (teste da soroaglutinação microscópica. Esta técnica confirmou o estado prévio dos dois rebanhos. Nenhuma amostra pura de leptospiras foi obtida no cultivo. Já na PCR, animais do Rebanho A apresentaram 26,7% (FV, 33,3% (sêmen e 38,9% (urina de amostras positivas. O Rebanho B apresentou 40,0% (FV, 33,3% (sêmen e 5,6% (urina de positividade pela PCR. Em conclusão, a PCR foi uma importante ferramenta na identificação de carreadores de leptospiras, incluindo animais do rebanho soronegativo, o que reforça as vantagens do uso desta técnica para a detecção de ovinos portadores como parte dos programas de controle da leptospirose em ambiente tropical.

  8. Adenomatose pulmonar ("jaagsiekte" em ovino no Rio Grande de Sul Pulmonary adenomatosis (" jaagsiekte" in sheep from Southern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    David Driemeier

    1998-03-01

    Full Text Available Descreve-se, no Rio Grande do Sul, Brasil, o primeiro caso de adenomatose pulmonar ("jaagsiekte " em um ovino da raça Karakul, fêmea de 2 anos, filha de pais importados da Alemanha. O ovino morreu de acidose lática por sobrecarga alimentar e as lesões pulmonares representaram achados incidentais. Macroscopicamente encontraram-se duas áreas esbranquiçadas nodulares com aproximadamente 4 e 6cm de diâmetro respectivamente, com bordos irregulares que, microscopicamente, correspondiam a tumoração epitelial bem diferenciada, formando projeçôes papilares para o interior do lúmen alveolar e bronquiolar. Não foram encontrados indícios de associação com Maedi/Visna através dos achados sorológicos e histopatológicos. O diagnóstico de adenomatose pulmonar, baseou-se na histopatologia.T'he first case of Pulmonary Adenomatosis ("jaagsiekte" in Rio Grande do Sul, Brazil in a two year old Karakul ewe, descendent from German impor ted sheep is reported. The ewe died due to ruminal lactic acidosis, thus the pulmonary lesions were incidental necropsy findings. Macroscopically, two whitish nodular areas of approximately 4 and 6cm in diameter respectively were found, which corresponded microscopically to well differentiated epithelial growth, with papillary projections into the alveolar and bronquiolar lumina. Serological and histopathological signs of Maedi/Visna Virus infection were not found. The diagnosis of pulmonary adenomatosis was based on histopathology.

  9. Chronic cardiomyopathy and encephalic spongy changes in sheep experimentally fed Ateleia glazioviana Miocardiopatia crônica e degeneração esponjosa do encéfalo em ovinos intoxicados experimentalmente por Ateleia glazioviana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Margarida Buss Raffi

    2006-12-01

    Full Text Available Fifteen mature crossbred sheep were fed different daily amounts (2.5-35g kg-1 bw of the fresh green leaves of Ateleia glazioviana for different periods of time (1-24 days. One sheep was not fed the plant and served as a control. All 16 sheep were euthanatized at different stages of the experiment, necropsied, and several organs, including heart and brain were evaluated histologically. Samples of five brain regions from three affected sheep were evaluated by electron microscopy. Clinical signs observed in three sheep included depression, anorexia, general weakness, staggering gait and prolonged recumbency. One sheep had signs of congestive heart failure. Necropsy findings included subcutaneous dependent edema and edema of the body cavities in two sheep and nutmeg liver in one. Histopathological findings included degeneration, necrosis and interstitial fibrosis in the myocardium of four sheep and vacuolation of cerebral white matter (spongy degeneration, status spongiosus in 10 sheep, although this latter change were marked only in two of those 10. The ultrastructure of the brain lesion was morphologically consistent with that found in diseases grouped as spongiform myelinopathies in which vacuolation of the myelin occurs in the absence of significant myelin breakdown or phagocytosis. The morphology and pathogenesis of the chronic cardiomyopathy and of the cerebral spongy degeneration in affected sheep in this experiment are discussed and compared with other similar conditions in domestic ruminants.Quinze ovinos mestiços adultos receberam quantidades variáveis (2,5-35g kg-1 pv, por via oral, das folhas verdes frescas de Ateleia glazioviana durante períodos de tempo que variaram de 1 a 24 dias. Um ovino não recebeu a planta e serviu como controle. Todos os 16 ovinos foram submetidos à eutanásia em diferentes estágios do experimento, necropsiados, e vários órgãos, incluindo coração e encéfalo, foram avaliados histologicamente

  10. Toxoplasmose em ovinos e caprinos: estudo soroepidemiológico em duas regiões do Estado de Pernambuco, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silva Aristeu Vieira da

    2003-01-01

    Full Text Available Com o objetivo de comparar variáveis epidemiológicas na toxoplasmose em ovinos e caprinos, amostras de soro de animais de propriedades localizadas em duas regiões do Estado de Pernambuco, Brasil, foram testadas pela reação de imunofluorescência indireta (RIFI para detecção de anticorpos anti-Toxoplasma gondii. Dos 173 soros ovinos testados, em 35,3% foram encontrados resultados positivos, enquanto 40,4% dos 213 soros caprinos foram positivos à RIFI. Em ovinos, associações significativas foram encontradas para sexo e raça, mas não para região, tipo de manejo ou falha reprodutiva. Os resultados da RIFI para os caprinos foram significativamente associados ao sexo, raça, região, tipo de manejo e de exploração, mas não com a ocorrência de falhas reprodutivas.

  11. Aspectos clínicos e laboratoriais em ovinos submetidos a dietas com níveis elevados de enxofre com objetivo de indução de polioencefalomalácia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diego J.Z. Delfiol

    2013-04-01

    Full Text Available A polioencefalomalacia (PEM é uma doença neurológica que acomete ruminantes e pode ser desencadeada por diversos fatores, dentre eles o consumo excessivo de enxofre. Este trabalho teve como objetivo verificar a relação entre dietas ricas em enxofre, altos níveis de gás sulfídrico ruminal e a ocorrência de polioencefalomalácia em ovinos. Foram utilizados 18 ovinos, divididos em três grupos (G1, G2 e G3 que receberam diferentes níveis de enxofre na dieta; 0,2%, 0,9% e 1,2%, respectivamente. Exames físicos (frequência cardíaca, frequência respiratória, temperatura retal e motricidade ruminal e complementares (concentração de sulfeto de hidrogênio ruminal, hemogasometria venosa, pH do fluído ruminal, concentração de cobre sérico e hepático, tomografia computadorizada, necropsia e histopatologia foram realizados. A temperatura retal, a hemogasometria venosa e o pH do fluido ruminal permaneceram dentro dos valores de referência para a espécie. A motricidade ruminal estava diminuída nos grupos G2 e G3 em comparação com o G1 (controle. Quanto maior a ingestão de enxofre, menores foram os níveis de cobre sérico e hepático. Valores elevados de sulfeto de hidrogênio ruminal foram detectados nos grupos G2 e G3. Nenhum animal apresentou sinais clínicos de PEM. Nos exames de tomografia computadorizada, necropsia e exame histopatológico do sistema nervoso central (SNC, não foram observadas alterações compatíveis com PEM. É provável que algum outro fator esteja associado ao excesso de enxofre na dieta para o desenvolvimento de PEM em ovinos.

  12. Dermatofilose em ovinos da raça Santa Inês no Distrito Federal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R.L. Castelo Branco

    2012-10-01

    Full Text Available Relataram-se quatro casos de dermatofilose em ovinos da raça Santa Inês, no período de um ano. Microscopicamente observaram-se filamentos na forma de "trilho de bonde" e zoósporos nos quatro casos. A tentativa do isolamento do microrganismo foi realizada por meio do método de Haalstra e em apenas um caso obteve-se sucesso, observando-se colônias de aparência lisa, formato circular, cor amarelada e hemolítica em ágar sangue. O exame direto com coloração de Gram mostrou-se um método bastante eficiente na confirmação da presença do microrganismo afetando a epiderme em razão da morfologia típica do agente.

  13. Infecção disseminada por Chlorella sp. em um ovino

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Everton Ferreira Lima

    2014-07-01

    Full Text Available Descreve-se um caso de infecção disseminada por Chlorella sp. em um ovino, na região semiárida da Paraíba, Brasil. O animal apresentou emagrecimento e aumento de volume abdominal há um mês. Na necropsia, foram observados nódulos esverdeados em fígado, pulmões, intestino e linfonodos. Histologicamente, os nódulos correspondiam a piogranulomas com miríades de algas intralesionais. Provavelmente, a infecção tenha ocorrido em consequência do consumo de água estagnada ou capim que tinha sido cortado em uma área irrigada, que são condições frequentes no período da seca na região semiárida.

  14. Paratuberculose em caprinos e ovinos no Brasil Paratuberculosis in goats and sheep in Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diego M. Oliveira

    2010-01-01

    Full Text Available Este trabalho relata, pela primeira vez no Brasil, no Estado da Paraíba, paratuberculose em dois rebanhos com criação conjunta de caprinos e ovinos. Na Fazenda 1, de um rebanho de 33 caprinos e 13 ovinos, uma cabra adulta apresentou emagrecimento progressivo por aproximadamente um ano e fezes pastosas um mês antes da morte. Todos os animais do rebanho foram tuberculinizados com a prova comparativa. Um ovino (2,2% teve resultado positivo à tuberculina aviar e em dois o teste foi inconclusivo. Na Fazenda 2, com 200 ovinos e 80 caprinos, foi afetada uma ovelha adulta que apresentou emagrecimento progressivo por aproximadamente um ano e fezes pastosas por aproximadamente 20 dias. Todos os ovinos com mais de 4 meses de idade e 23 caprinos foram tuberculinizados com tuberculina aviar; em 47 (25,4% o resultado foi positivo, em 115 (61,5% inconclusivo e em 25 (13,4% negativo. Entre as cabras não houve nenhuma positiva à tuberculina aviar, mas em 11 (47,8% o teste foi inconclusivo e em 12 (52,2% foi negativo. Na necropsia dos dois animais com sinais clínicos os linfonodos mesentéricos estavam aumentados de tamanho e edemaciados. O ovino afetado da Fazenda 2, apresentou espessamento e enrugamento da mucosa do intestino, principalmente no íleo e válvula íleo-cecal. Microscopicamente o caprino e o ovino com sinais clínicos apresentaram lesões semelhantes, caracterizadas por granulomas com predominância de macrófagos espumosos, na lâmina própria e submucosa do intestino e linfonodos mesentéricos. O ovino positivo à tuberculina e um caprino negativo na Fazenda 1 foram eutanasiados e apresentaram discreto espessamento da mucosa do íleo. Na histologia foi observado infiltrado preferentemente linfocítico. Em todos os casos dentro de macrófagos e linfócitos havia bacilos ácool-ácidos resistentes, positivos na imunohistoquímica para Mycobacterium spp. Sugere-se a necessidade de estudar a prevalência de paratuberculose em rebanhos de

  15. Efecto de la administración de líquido ruminal fresco sobre algunos parámetros productivos en ovinos criollos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Rodríguez M.

    2011-12-01

    Full Text Available Objetivo. Evaluar el efecto de la administración de líquido ruminal fresco (LRF de bovino sobre la ganancia de peso, bioactividad ruminal y pH ruminal en ovinos. Materiales y métodos. Se utilizaron nueve ovinos destetados con edades y pesos homogéneos, distribuidos de forma aleatoria en tres grupos, a los cuales se les suministró trestratamientos diferentes: tratamiento 1, 400 ml de LRF; tratamiento 2, 200 ml de LRF y tratamiento 3 como control (sin LRF. El LRF se administro vía oral, usando una dosis única al inicio del estudio. Para la evaluación de los parámetros, se inició con una mediciónel día 0 y luego se realizaron mediciones cada 15 d durante un periodo de 60 d. Para el análisis estadístico se realizó ANOVA y las diferencias se comprobaron mediante el test de comparación de medias de Tukey. Resultados. El promedio de la ganancia de peso diario, fue de 194.4 y 169.4 g/d en los animales tratados con 400 y 200 ml deLRF, respectivamente y de 157.8 g/d en los animales que no recibieron LRF, siendo estas diferencias estadísticamente no significativas (p>0.05. La bioactividad ruminal presentó cambios significativos tras la administración de 400 ml de LRF (p<0.05. El pH solo mostró cambios significativos en la medición realizada a los 15 d postadministración de 400 ml de LRF. Conclusiones. La administración de LRF no provocó aumentos significativos sobre la ganancia diaria de peso, no obstante, mostró efectos favorables sobre la bioactividad ruminal.

  16. Intoxicação natural por Amaranthus spinosus (Amaranthaceae em ovinos no Sudeste do Brasil Amaranthus spinosus (Amaranthaceae poisoning in sheep in southern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Vargas Peixoto

    2003-12-01

    Full Text Available No Estado do Rio de Janeiro descreve-se um surto de intoxicação aguda por Amaranthus spinosus em 12 ovelhas, caracterizado clinicamente por hálito urêmico, ausência de movimentos ruminais, dispnéia e aborto. Os animais foram colocados em um pasto adubado e severamente invadido pela planta. A necropsia realizada em seis ovinos revelou rins pálidos, em geral, com estriações esbranquiçadas desde o córtex até a medula; em um animal verificaram-se diversos infartos sob forma de figuras geométricas no córtex. O fígado apresentava-se mais claro, por vezes com lobulação evidente. Em um animal verificaram-se áreas pálidas no miocárdio. Os pulmões congestos, algo mais pesados e consistentes, por vezes evidenciavam áreas de hepatização vermelha e cinzenta na porção cranial. Petéquias, equimoses e sufusões foram observadas em serosas, na mucosa do tubo digestório e em outros órgãos. Ao exame histológico verificaram-se acentuada nefrose tubular tóxica, focos aleatórios de necrose coagulativa no fígado, áreas de necrose coagulativa no miocárdio e pneumonia intersticial aguda incipiente acompanhada por áreas de broncopneumonia. Na literatura não foram encontradas referências à intoxicação natural por A. spinosus em ovinos. Tentativas de reprodução da intoxicação com a planta em ovinos, não foram bem sucedidas, provavelmente porque, nos experimentos, não se utilizou A. spinosus proveniente de áreas adubadas. A necrose do miocárdio encontrada, ao exame microscópico do coração de diversos animais foi atribuída a hipercalemia secundária à insuficiência renal, ao passo que a gênese dos infartos renais verificados em um ovino permanece obscura.An outbreak of acute poisoning caused by Amaranthus spinosus is described in ewes of southern Brazil. The clinical signs were characterized by uremic halitosis, loss of ruminal motility, dispnoea and abortion. Grossly in the kidneys there were pale red spots, white

  17. Dermatite alérgica sazonal em ovinos Seazonal allergic dermatitis in sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tatiana Mello de Souza

    2005-04-01

    Full Text Available Descreve-se um surto de dermatite alérgica sazonal em ovinos nos municípios de São Vicente do Sul e Jaguari, Rio Grande do Sul. Os ovinos afetados não tinham raça definida e pertenciam a diversas categorias. As lesões eram vistas principalmente na cabeça (orelhas e ao redor dos olhos, focinho e lábios, úbere, porção distal dos membros e abdômen ventral. Dois padrões de lesão foram encontrados; num padrão agudo havia acentuado eritema associado à grande quantidade de pápulas, pústulas, colaretes epidérmicos e crostas; no padrão crônico, áreas liquenificadas, ulceradas, exsudativas, crostosas, alopécicas e, por vezes, sangrantes, eram vistas nos mesmos locais. Microscopicamente, os ovinos mais recentemente afetados demonstravam dermatite perivascular superficial eosinofílica, já os animais com lesões mais antigas apresentavam dermatite perivascular superficial linfo-histioplasmocitária.An outbreak of acute seasonal allergic dermatitis is described in sheep from the municipalities of São Vicente do Sul and Jaguari, Rio Grande do Sul, Brazil. Affected sheep were crossbreeds of different categories. Skin lesions were observed mainly in the head (ears and around the eyes, muzzle, and lips, mammary gland, distal portions of the limbs and ventral abdomen. Two lesion patterns were found; an acute pattern showed marked erythema associated with numerous papules, pustules, epidermal colarettes, and crust; in a chronic pattern the same anatomical sites had lichenified, ulcerated, exudative, crusted, and alopecic areas, which were occasionally hemorrhagic. Microscopically, sheep that were recently affected had perivascular eosinophilic dermatitis; in the skin of more chronically affected sheep there was superficial lymphocytic and histioplasmocytic perivascular dermatitis.

  18. Dermatite alérgica sazonal em ovinos deslanados no nordeste do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roseane de A. Portela

    2012-06-01

    Full Text Available Dermatite alérgica sazonal foi diagnosticada em um rebanho de 40 ovinos da raça Santa Inês no município de Jucurutú, Estado de Rio Grande do Norte. Para o estudo epidemiológico e observação dos sinais clínicos a propriedade foi visitada periodicamente entre 2007 e 2010. Os ovinos eram criados extensivamente em campo nativo cortado pelo rio Piranhas e com um açude permanente. Entre 2007 e 2009 adoeceram 13 (32,5% ovinos de um total de 40. As lesões eram observadas durante a época da chuva e regrediam total ou parcialmente durante a seca, reaparecendo no próximo período chuvoso. Os animais que foram retirados da área se recuperaram. No final de 2009 foram eliminados os animais susceptíveis e três novos casos apareceram em 2010. A pele apresentava lesões alopécicas, crostosas, enrugadas, esbranquiçadas e com intenso prurido, localizados na região da cabeça (orelhas, ao redor dos olhos e região frontal, região dorsal do corpo e garupa. Histologicamente, a epiderme apresentou hiperqueratose, acantose, hipergranulose e moderada espongiose. Na derme havia infiltrado inflamatório, principalmente perivascular, composto por eosinófilos, macrófagos e plasmócitos. Observou-se queratose de folículos pilosos e dilatação das glândulas sudoríparas. No hemograma, os valores de todos os animais estavam dentro dos valores normais. Em abril e junho de 2010 foram realizadas capturas de insetos com armadilhas luminosas CDC, sendo 110 dípteros capturados, dos quais 43 foram identificados como Culicoides insignis Lutz. Considerando que esta espécie tem sido associada à dermatite alérgica em outras regiões conclui-se que a doença é uma dermatite alérgica sazonal associada à picada de C. insignis.

  19. Intoxicação espontânea por Baccharis coridifolia (Compositae em ovinos Spontaneous Baccharis coridifolia (Compositae poisoning in sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela B. Rozza

    2006-03-01

    Full Text Available Descreve-se uma mortalidade de ovinos associada à intoxicação espontânea por Baccharis coridifolia ("mio-mio". A intoxicação ocorreu no município de Caxias do Sul, RS, em novembro de 2004. De um lote de 212 ovinos, provenientes de pastagens livres de B. coridifolia, no município de Jaguarão, RS, morreram 35 ovinos em até 5 dias após serem liberadas para o pasto onde mio-mio era encontrado em abundância, apesar de terem sido removidos deste pasto 1 dia e meio após sua introdução. Ovinos que anteriormente estavam na propriedade não foram afetados. O quadro clínico iniciou-se 8 horas após a introdução dos animais na nova pastagem e incluiu anorexia, depressão, retração abdominal ou leve timpanismo, incoordenação de membros posteriores, fezes pastosas, corrimento nasal catarral, decúbito lateral com movimentos de pedalagem, coma e morte com evolução clínica entre 5 e 48 horas. Os principais achados de necropsia foram no trato digestivo com edema de serosa e da parede dos pré-estômagos principalmente na região retículo-ruminal e do abomaso, avermelhamento e desprendimento da mucosa ruminal e do retículo e intensa hemorragia na submucosa. No exame histológico havia degeneração e necrose do epitélio do pré-estômago, com infiltrado polimorfonuclear, congestão, hemorragia e edema, e necrose do tecido linfóide de linfonodos, baço e trato digestivo.An outbreak of Baccharis coridifolia (Compositae poisoning in sheep is reported, which occurred in November 2004 in the county of Caxias do Sul, Rio Grande do Sul (RS, southern Brazil. From a herd of 212 sheep, coming from a Baccharis coridifolia free area, in the county of Jaguarão, RS, 35 sheep died until 5 days after the arrival in the new area where the plant was found with abundance. The clinical signs began 8 hours after introduction of the animals into the new pasture and included apathy, anorexia, abdominal retraction or mild distension, weakness of hind limbs

  20. Fontes proteicas no suplemento concentrado de ovinos em pastejo = Protein sources in supplements for grazing sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tadeu Vinhas Voltolini

    2009-01-01

    Full Text Available O uso de suplementos concentrados e a adequação proteica nestes suplementos podem ser importantes ferramentas para os sistemas de produção de ovinos em pastagens tropicais. O presente trabalho teve por objetivo avaliar diferentes fontes proteicas no suplemento concentrado de ovinos mantidos em pastagens irrigadas de Tifton 85. Ostratamentos avaliados foram: animais não-suplementados (controle, farelo de soja, ureia e torta de algodão, no suplemento concentrado múltiplo (20% de proteína bruta e 74% de nutrientes digestíveis totais. A quantidade de concentrado fornecida diariamente foi de0,180 kg animal-1. Foram utilizados 28 ovinos machos castrados, mestiços Santa Inês x sem padrão racial definido, com peso corporal inicial de 28 kg. O período experimental foi de 84 dias, dividido em seis subperíodos de 14 dias. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, com quatro tratamentos e sete repetições. O consumo de matéria seca de forragem foi maior para os animais mantidos exclusivamente em pastagens. Não foram observadas diferenças significativas entre os tratamentos para o ganho de peso eparâmetros de carcaça. As fontes proteicas utilizadas no suplemento concentrado para ovinos em pastejo foram tecnicamente viáveis, não havendo diferença entre elas. Entretanto, o uso da suplementação com concentrado não se mostrou vantajoso em relação à engorda exclusiva em pastagens.The use of concentrate supplementation and the appropriate protein level in these supplements may be an important tool for sheep production systems in tropical grazing. The objective of thistrial was to evaluate different protein sources in concentrate supplements of sheep grazing in irrigated in Tifton 85 grass systems. The treatments were: non supplemented animals (control, soybean meal, urea, cottonseed meal in multiple concentrate supplement (20% ofcrude protein and 74% of total digestible nutrients. The amount of daily

  1. Estudo retrospectivo de 66 casos de urolitíase obstrutiva em ovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Janaina Azevedo Guimarães

    2012-09-01

    Full Text Available Objetivou-se realizar um estudo retrospectivo dos principais achados epidemiológicos, clínicos, patológicos e laboratoriais de ovinos acometidos por urolitíase obstrutiva, atendidos na Clínica de Bovinos, Campus Garanhuns/ UFRPE. Para isso, foram analisadas 66 fichas clínicas de ovinos, todos machos não castrados, com idade entre dois meses e cinco anos. A maioria dos casos (79,63% ocorreu na época chuvosa. A maioria dos animais (87,88% era criada intensivamente e todos eram alimentados com concentrados. Os sinais clínicos mais importantes foram as manifestações de dor, congestão de mucosas, hipertermia e aumento da tensão abdominal associados a obstrução do trato urinário. Metade dos animais apresentou obstrução total da uretra. Destes, 69,70% morreram, enquanto nos casos de obstrução parcial, 30,30% morreram. Nos exames laboratoriais verificou-se neutrofilia e desvio à esquerda regenerativo, hiperfibrinogenemia e azotemia. Na urinálise constatou-se hematúria em 89,29% dos casos e pH ácido em 46,43%. Na sedimentoscopia predominaram hemácias, leucócitos, células de descamação do epitélio uretral e cristais de urato amorfo. Os achados necroscópicos renais mais frequentes foram pielonefrite (61,54% dos casos e hidronefrose (50%. Nos ureteres foram visualizados ureterite e hidroureter. Na bexiga foi mais evidente a cistite hemorrágica difusa (50% e a presença de urólitos (57,69%. Na uretra observaram-se urólitos (61,54% e uretrite hemorrágica difusa (57,69%. Quanto à composição dos urólitos predominaram os compostos por oxalato de cálcio hidratado. Conclui-se que no Agreste de Pernambuco a urolitiase é uma doença importante de ovinos, com alta letalidade, estando associada à alimentação rica em concentrados e sal mineral.

  2. Polioencefalomalacia em ruminantes Polioencephalomalacia in ruminants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabiano J.F. de Sant'Ana

    2009-09-01

    Full Text Available Polioencefalomalacia (PEM de ruminantes é uma doença complexa. O termo indica um diagnóstico morfológico em que necrose neuronal grave resulta em amolecimento da substância cinzenta do cérebro. Interpretada no início como uma doença única, causada por deficiência de tiamina, acredita-se hoje que várias causas e diferentes mecanismos patogênicos, ou um único mecanismo patogênico disparado por diferentes agentes, sejam responsáveis pelo aparecimento da doença. Neste artigo, as possíveis causas e a patogênese de PEM em ruminantes são criticamente revisadas e discutidas. Também são revisadas a epidemiologia, os sinais clínicos, os achados macro e microscópicos e os métodos de diagnóstico, tratamento e controle.Polioencephalomalacia (PEM of ruminants is a complex disease. The term indicates a morphological diagnosis where severe neuronal necrosis results in softening of cerebral grey matter. Initially though as a single disease caused by thiamine deficiency, PEM is currently believe to have several causes and different pathogenic mechanisms or a single pathogenic organism triggered by different agents are responsible for the disease. In this paper the possible causes and pathogenesis of PEM in ruminants are critically reviewed and discussed. Also are reviewed the epidemiology, clinical signs, gross and histological findings, methods of diagnosis, treatment and control.

  3. Efeitos da defaunação em ovinos alimentados com cana-de-açúcar (Saccharum officinarum, L. adicionada de uréia Effects of defaunation in sheep fed sugar cane (Saccharum officinarum, L. plus urea

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    F.C.F. Lopes

    2002-04-01

    Full Text Available Em delineamento inteiramente ao acaso, estudou-se o efeito da defaunação em ovinos que receberam cana-de-açúcar e uréia sobre o consumo e digestibilidade aparente de nutrientes, dinâmica da fase sólida, parâmetros de fermentação ruminal e de degradação in situ. As taxas de passagem no rúmen foram, respectivamente, de 3,05 e 1,97%/h, para ovinos faunados e defaunados. Valores mais elevados para taxa (5,4%/h e extensão (46,7% da digestão ruminal e de degradabilidade efetiva da FDN da cana (31,5% foram obtidos nos ovinos faunados. Seus consumos diários (57,7 e 32,3 g/kg0,75, respectivamente para MS e FDN foram superiores (PThe defaunation effect on feed intake, nutrient apparent digestibilities, solid phase dynamics, ruminal fermentation parameters and in situ degradation in sheep fed on sugar cane plus urea was studied in a completely randomized design with three replicates. Ruminal passage rates of 3.05 and 1.97%/h were observed for the faunated and defaunated groups, respectively. Higher values for sugar cane NDF ruminal digestion rate (5.41%/h, extension (46.7% and effective degradability (31.53% were observed for the faunated group. The faunated group daily intake (57.7 and 32.3 g/kg0.75 for dry matter and NDF residue, respectively was higher (P<0.06 than that for the defaunated group. Total VFA, acetate and propionate concentrations were higher (P<0.05 in the faunated group and were dependent on sampling time. Defaunated sheep showed higher (P<0.04 post prandial decrease in pH. Relative to apparent digestibility difference (P<0.05 between treatments was observed only for dry matter.

  4. Focal symmetrical encephalomalacia in sheep Encefalomalacia focal simétrica em ovino

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciano A. Pimentel

    2010-05-01

    Full Text Available Focal symmetrical encephalomalacia (FSE is the most prominent lesion seen in the chronic form of enterotoxemia by Clostridium perfringens type D. This paper reports FSE in sheep in Brazil. Six deaths occurred within a seven days period in a flock of 70, four to 30-month-old Santa Inês sheep in the state of Paraíba in the Brazilian semiarid. The flock was grazing a paddock of irrigated sprouting Cynodon dactylon (Tifton grass, and supplemented, ad libitum, with a concentrate of soybean, corn and wheat. Nervous signs included blindness and recumbence. A 19 month-old sheep was examined clinically and necropsied after a clinical course of three days. Gross lesions were herniation of the cerebellar vermis and multifocal, bilateral, symmetric brownish areas in the internal capsule, thalamus and cerebellar peduncles. Histologic lesions were multifocal, bilateral malacia with some neutrophils, swelling of blood vessels endothelium, perivascular edema, and hemorrhages. The flock was vaccinated, before the outbreak, with only one dose of Clostridium perfringens type D vaccine. Two factors are suggested to be important for the occurrence of the disease: insufficient immunity due to the incorrect vaccination; and high nutritional levels by the supplementation with highly fermentable carbohydrates.Encefalomalacia focal simétrica (EFS é a lesão mais proeminente vista nas formas subaguda ou crônica da enterotoxemia por Clostridium perfringens tipo D. Este trabalho relata EFS em ovinos no semiárido do estado da Paraíba. Seis ovinos morreram, em um período de sete dias, dentro de um rebanho de 70 animais, da raça Santa Inês, entre 4-30 meses de idade, que pastavam em piquete de Cynodon dactylon (capim Tifton, que estava rebrotando. Os ovinos eram suplementados com um concentrado de soja, trigo e milho. Os sinais nervosos incluíam cegueira e decúbito lateral. Um ovino de 19 meses de idade foi examinado clinicamente e necropsiado, depois de um curso

  5. Anestesia geral inalatória ou total intravenosa associada à anestesia subaracnoidea, em ovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.P.A. Lima

    2016-04-01

    Full Text Available Avaliou-se a eficácia e a segurança anestésica em ovinos mantidos sob anestesia geral inalatória com isofluorano ou anestesia total intravenosa com propofol, ambas associadas à anestesia subaracnoidea. Quatorze ovinos foram pré-medicados com 0,3mg.kg-1 de morfina IM, e cinco minutos após, receberam 20mcg.kg-1 de detomidina IV. Posteriormente, foram alocados aleatoriamente em dois grupos: GISO (n=7, os quais foram induzidos à anestesia geral com 0,5mg.kg-1 de diazepam e 5mg.kg-1 de cetamina IV, e mantidos em anestesia geral inalatória com isoflurano diluído em oxigênio a 100%; e GPRO (n=7, induzidos com 4mg.kg-1 de propofol IV seguido inicialmente de infusão contínua na taxa de 0,3mg.kg-1.min-1. Para realização da osteotomia bilateral, todos os animais receberam 0,5mg.kg-1 de ropivacaína 0,75% associado a 0,1mg.kg-1 de morfina pela via subaracnoidea. Houve redução de 40% nos valores médios de frequência cardíaca após sedação em ambos os grupos, permanecendo em média 23% reduzida até o final da avaliação. A pressão arterial média aumentou 16%, após a indução anestésica no GISO, mas se reduziu até o final do procedimento, assim como no GPRO. A EtISO média foi de 0,57V% e a taxa média de infusão do propofol foi de 0,24mg.kg-1.min-1. Os tempos totais de cirurgia, anestesia e extubação foram de 66±9,8, 92±13,8 e 7,0±1,5 minutos no GISO e 56±2,4, 82,9±4,6 e 5,4±1,5 minutos no GPRO, não havendo diferença significativa entre grupos. A manutenção anestésica com isoflurano ou propofol promoveu plano anestésico similar com mínimos efeitos cardiovasculares ou hemogasométricos, que são bem tolerados em ovinos hígidos.

  6. GASTROINTESTINAL PARASITES IN GOATS AN SHEEP RAISED IN THE OEST REGION, RIO GRANDE DO NORTE, BRAZIL PARASITOS GASTRINTESTINAIS EM CAPRINOS E OVINOS DA REGIÃO OESTE DO RIO GRANDE DO NORTE, BRASIL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sílvia Maria Mendes Ahid

    2008-04-01

    Full Text Available The epidemiology knowledge of the endoparasites is great importance to promoter strategic control efficient within of any regions. The objective of the current study was to identify gastrointestinal endoparasites of the small ruminants servants under conditions native ambient within of region west of the Rio Grande do Norte. Epidemic variables were observed throughout the study. Monthly, several samples fecal of goats and sheep were collected and examined. Among 500 samples, 71.2%  goats and 25.7 % sheep, into 49.5% goats  was verified gastrointestinal parasites presence, independently  of origin and role productive of the flock, whereas not is pattern the execute exam OPG by owner flocks . Therefore, was verified a raised parasites rate of 60.5% in sheep. The raised prevalence was largely attributed the Strongyloides sp (62.3%, in second Haemonchus sp (16.9%, Trichostrongylus sp. (12% and Oesophagostomum sp (9%, being the largest prevalence rate appeared for species that shelter the parasite the category adult females. Eimeria sp cist was obtained into 41.3 and 21.8% of the total of goats and sheep available.

    KEY WORDS: <em>Eimeria>, strongilids, <em>Strongyloides>, <em>trichostrongilids>.

    O conhecimento da epidemiologia dos endoparasitos é de importância para se promover um controle estratégico eficiente em uma região. O estudo teve como objetivo identificar endoparasitos gastrintestinais em pequenos ruminantes criados sob as condições da região oeste do Rio Grande do Norte. Variáveis epidemiológicas foram observadas durante o estudo

  7. Comportamento ingestivo de ovinos e caprinos em pastagens de diferentes estruturas morfológicas (Intake behaviour of sheep and goat in pastures

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anderson de Moura Zanine

    2006-04-01

    Full Text Available Os ruminantes têm a capacidade de modificar um ou mais componentes do seu comportamento ingestivo para superar condições limitantes ao consumo e obter as quantidades de nutrientes necessárias à mantença e produção. Por isso, estudos em etologia vêm sendo cada vez mais utilizados no desenvolvimento de modelos que servem de suporte às pesquisas e às formas de manejo dos animais de interesse zootécnico. Os ovinos e caprinos apresentam de forma geral tempo de pastejo entre 6:00 e 11:00 horas, com picos de pastejo e ruminação em horários de temperaturas mais amenas, permaneceram em ócio nos horários mais quentes do dia como estratégia de melhor aproveitamento energético do alimento. Abstract.- The ruminants have the capacity to modify an or more components of Intake behaviour to overcome limitation conditions to consumption and to obtain the amounts of nutritious necessary to the mantainence and production. Therefore, studies in ethnology have been used more and more in the development of models that serve from support to the researches and the forms of handling of the animals of zootecnic interest. The sheep and goat they present in way general time of grazing between 6:00 and 11:00 hours, with grazing picks and rumination in schedules of suave temperatures, they stayed in leisure in the hottest schedules of the day as strategy of better energy use of the food. Key word:

  8. Comportamento ingestivo de ovinos e caprinos em pastagens de diferentes estruturas morfológicas (Intake behaviour of sheep and goat in pastures

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anderson de Moura Zanine

    2006-03-01

    Full Text Available Resumo Os ruminantes têm a capacidade de modificar um ou mais componentes do seu comportamento ingestivo para superar condições limitantes ao consumo e obter as quantidades de nutrientes necessárias à mantença e produção. Por isso, estudos em etologia vêm sendo cada vez mais utilizados no desenvolvimento de modelos que servem de suporte às pesquisas e às formas de manejo dos animais de interesse zootécnico. Os ovinos e caprinos apresentam de forma geral tempo de pastejo entre 6:00 e 11:00 horas, com picos de pastejo e ruminação em horários de temperaturas mais amenas, permaneceram em ócio nos horários mais quentes do dia como estratégia de melhor aproveitamento energético do alimento. Abstract The ruminants have the capacity to modify an or more components of Intake behaviour to overcome limitation conditions to consumption and to obtain the amounts of nutritious necessary to the mantainence and production. Therefore, studies in ethnology have been used more and more in the development of models that serve from support to the researches and the forms of handling of the animals of zootecnic interest. The sheep and goat they present in way general time of grazing between 6:00 and 11:00 hours, with grazing picks and rumination in schedules of suave temperatures, they stayed in leisure in the hottest schedules of the day as strategy of better energy use of the food.

  9. Temperament and reproductive biology: emotional reactivity and reproduction in sheep Biologia temperamental e reprodutiva: reatividade emocional e reprodução em ovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dominique Blache

    2010-07-01

    Full Text Available Reproductive capacity is controlled by a large number of factors such as season, social interactions and metabolic status. However, the influence of emotional reactivity on reproductive success has not been intensively investigated in farm animals. In this review, we define emotion reactivity and the expression of its inter individual variability named temperament. We briefly describe our protocol to measure temperament in sheep and discuss the heritability of temperament traits. Using the results obtained from our flock of sheep selected for calm or nervous temperament, we illustrate how this selection affects the reproductive biology from changing the inexperienced ewe's response to the male effect to improving lamb survival and ovulation rate. We conclude that the mechanisms by which selection for temperament affects the different steps of the reproductive cycle are not yet understood but nevertheless this type of selection could have a great impact on reproduction efficiency of sheep and other domestic ruminants.A capacidade reprodutiva é controlada por fatores como estação do ano, interações sociais e estado metabólico. Entretanto, a influência da reatividade emocional no sucesso reprodutivo ainda não foi intensivamente investigada nos rebanhos. Nesta revisão, definimos reatividade emocional e a sua expressão da variabilidade individual denominada temperamento. Descrevemos de forma reduzida um protocolo para mensurar o temperamento em ovinos e discutir a herdabilidade das características do temperamento. Utilizando resultados obtidos de nossos rebanhos de ovinos selecionados para temperamento calmo ou nervoso, apresentamos como esta seleção afeta a biologia reprodutiva pela mudança na resposta da ovelha para o efeito do macho para melhorar a sobrevivência do cordeiro e a taxa de ovulação. Nós concluímos que os mecanismos pelos quais a seleção para temperamento afeta os diferentes passos do ciclo reprodutivo ainda não s

  10. Processamento da casca de mandioca na alimentação de ovinos: desempenho, características de carcaça, morfologia ruminal e eficiência econômica Processing of cassava peel in sheep feeding: performance, carcass characteristics, ruminal morphology and economic efficiency

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Peter Bitencourt Faria

    2011-12-01

    Full Text Available Avaliou-se o efeito de diferentes formas de processamento da casca de mandioca na alimentação sobre o desempenho e as características de carcaça, a morfologia ruminal e a viabilidade técnico-econômica da criação de ovinos. Foram utilizados 20 ovinos machos da raça Santa Inês, desmamados, com peso inicial de 19,02±0,21 kg e 90 dias de vida. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado com cinco repetições por dieta. Durante o período experimental de 84 dias, incluindo 14 dias de adaptação, os animais foram mantidos em sistema de semiconfinamento em pastagem de Brachiaria decumbens. Foram avaliadas quatro formas de processamento da casca de mandioca: desidratada triturada em peneira de 12 ou de 5 mm; úmida triturada e ensilada; e úmida triturada e hidrolisada com 0,5% de cal virgem (óxido de cálcio - CaO. O peso médio ao abate foi 30,72±1,46 kg. Não houve influência do tipo de processamento da casca sobre as características de desempenho analisadas, as características quantitativas de carcaça e a morfologia ruminal, sendo influenciado somente o rendimento de paleta. A casca de mandioca hidrolisada foi a que promoveu melhor eficiência econômica. Os tipos de processamento da casca de mandioca não alteram o desempenho, as características de carcaça, os rendimentos de corte e a morfologia ruminal dos ovinos Santa Inês.The objective of this trial was to evaluate the effect of different forms of processing of cassava peel in sheep feeding on performance traits, carcass, morphology and rumen and economic technical feasibility. Twenty non-castrated male Santa Ines lambs of 19.02±0.21 kg of initial body weight and 90 days of age at the beginning of the study were used in this trial. The design was completely randomized design with five replications per treatment. During the experimental period of 84 days, including 14 days of adaptation, animals were kept in semi-confinement on Brachiaria decumbens. Four forms

  11. Hemoglobin polymorphism in Hampshire Down sheep herd/ Polimorfismo de hemoglobina em rebanho de ovinos Hampshire Down

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvia Manduca Trapp

    Full Text Available The present study aimed to determine the types of hemoglobin in Hampshire Down crossbreed sheep, and verify that this locus is in Hardy-Weinberg equilibrium. There have been collected 46 blood samples of healthy Hampshire Down crossbreed sheep. These samples were used to separate the hemoglobin per electrophoresis. The electrophoresis of the hemoglobin revealed a slow band characterized as hemoglobin A (HbAA, a fast band characterized as hemoglobin B (HbBB and two bands in the heterozygous hemoglobin A and B (HbAB. The HbAB type was the most frequently one, followed by hemoglobin A (HbAA and B (HbBB. The genotypic frequency of individuals BB, AB and AA were 36,95; 54,35 and 8,70% respectively. The allelic frequency of A and B were respectively 35,87% and 64,13%.. The qui square test (?2 = 0.859 and p = 0.6509 confirmed that the tested locus is in Hardy-Weinberg equilibrium.O presente trabalho teve como objetivo determinar os tipos de hemoglobinas em ovinos Hampshire Down e verificar se este locus encontra-se em equilíbrio de Hardy-Weinberg. Foram coletadas 46 amostras de sangue de ovinos Hampshire Down, considerados clinicamente sadios. Estas amostras foram utilizadas para a separação das hemoglobinas por eletroforese. A eletroforese das hemoglobinas revelou uma banda lenta caracterizada como hemoglobina B (HbBB, uma banda rápida caracterizada como hemoglobina A (HbAA e duas bandas no heterozigoto para hemoglobinas A e B (HbAB. A variante HbAB foi a mais freqüentemente encontrada, seguida pela hemoglobina A (HbAA e B (HbBB. A freqüência genotípica dos indivíduos BB, AB e AA foram 36,95; 54,35 e 8,70% respectivamente. A freqüência alélica de A e B foram respectivamente 35,87% e 64,13%. Pelo teste do qui-quadrado realizado (?2 = 0,859 e p=0,6509 confirmou-se que o locus testado está em equilíbrio de Hardy-Weinberg.

  12. Desempenho de ovinos terminados em confinamento com resíduo desidratado de vitivinícolas associado a diferentes fontes energéticas

    OpenAIRE

    Barroso Daerson Dantas; Araújo Gherman Garcia Leal de; Silva Divan Soares da; Gonzaga Neto Severino; Medina Fernando Thomaz

    2006-01-01

    Foram avaliados os efeitos de dietas combinando o resíduo de vitivinícolas a diferentes fontes energéticas sobre consumo, ganho de peso diário e conversão alimentar em ovinos terminados em confinamento. Foram utilizados 18 ovinos sem padrão racial definido, não castrados, com idade aproximada de sete meses e peso vivo médio inicial de 23,0kg, distribuídos num delineamento em blocos casualizados, com três tratamentos e seis repetições. O período experimental constou de 63 dias, sendo as dietas...

  13. Surto de intoxicação por sal em ovinos no estado do Pará

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos D. Duarte

    2014-11-01

    Full Text Available O presente trabalho relata um surto de intoxicação por sal em ovinos no Brasil, em uma propriedade no estado do Pará. De um total de 545 ovinos, oito animais adoeceram (1,46% e quatro destes morreram (50%. A avaliação das instalações e do manejo indicaram como fatores predisponentes a ingestão excessiva de mistura mineral e a restrição hídrica. Os principais sinais clínicos foram decúbito, diminuição ou ausência da sensibilidade cutânea, ausência dos reflexos de ameaça, palpebral e auricular, midríase, nistagmo, opistótono, espasticidade de membros, sonolência e estupor. Havia ainda, timpanismo, diarreia, taquipneia, taquicardia, desidratação e poliúria. A evolução do quadro clínico nos animais que morreram variou de duas horas e meia a 48 horas. As médias das concentrações séricas de sódio e de potássio de 31 ovinos do mesmo lote afetado pela intoxicação, em amostras colhidas durante o surto, revelaram hipernatremia (190mEq/l e hipercalemia (8,2mEq/l. À necropsia, observou-se em um animal, achatamento das circunvoluções cerebrais. Microscopicamente, neste animal, evidenciou-se vacuolização moderada do neurópilo, particularmente nas lâminas intermediárias do córtex cerebral, com aumento dos espaços perineural e perivascular. Nessas áreas foram observados ainda, acentuada tumefação e edema dos astrócitos e necrose neuronal aguda. A dosagem de sódio no encéfalo de um ovino, revelou-se elevada com valor de 3.513ppm. O diagnóstico foi realizado com base na epidemiologia, nos sinais clínicos, nas lesões macro e microscópicas e nas dosagens de sódio no soro e no encéfalo dos ovinos.

  14. Intoxicação por Ipomoea asarifolia em bovinos e ovinos no Rio Grande do Norte

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabricio K. de L. Carvalho

    2014-11-01

    Full Text Available Ipomoea asarifolia é uma das principais plantas tóxicas para ruminantes nas regiões Norte e Nordeste. A intoxicação ocorre na época das secas quando há escassez de forragem e é mais frequente em ovinos do que em outras espécies, porem casos espontâneos também são relatados em caprinos, bovinos e búfalos. Este trabalho relata a ocorrência de 18 surtos de intoxicação em bovinos por I. asarifolia que ocorreram de agosto de 2012 a fevereiro de 2013 no estado do Rio Grande Norte. De um total de 1704 bovinos, 202 (11,8% adoeceram e 34 (2% morreram. Em seis propriedades onde havia ovinos estes também se intoxicaram. Foram observados também sinais clínicos em bezerros e cordeiros confinados, sem acesso às pastagens, que se intoxicaram pela ingestão do leite das mães que ingeriam I. asarifolia a pasto.

  15. Intoxicação experimental por Simarouba versicolor (Simaroubaceae em ovinos e indução de resistência ao consumo da planta

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ariany C. Santos

    2013-03-01

    Full Text Available Simarouba versicolor é uma árvore semidecídua pertencente à família Simaroubaceae. Um surto de intoxicação por S. versicolor em bovinos por brotos da planta presente no pasto em Mato Grosso do Sul e sua reprodução experimental foram descritos. Esse estudo teve por objetivos verificar experimentalmente se os ovinos podem ser utilizados como modelo clínico-patológico no estudo da intoxicação por Simarouba versicolor St. Hil. (fam. Simaroubaceae, determinar se há indução de resistência pela ingestão de pequenas e repetidas doses e, se a planta mantém sua toxicidade quando dessecada. Foram realizados dois experimentos, sendo o primeiro com folhas verdes ou folhas dessecadas e trituradas de S. versicolor em doses únicas de 5g/kg, 5g/kg e 3g/kg a três ovinos (Ovino 1, 2 e 3 respectivamente. O experimento 2, foi realizado com diferentes doses diárias de folhas dessecadas e trituradas de S. versicolor em quatro ovinos que receberam 1,5g/kg, 0,75g/kg, 0,6g/kg e 0,3g/kg e, com um ovino que recebeu 3g/kg como controle positivo (Ovino 4. A administração foi suspensa quando os ovinos apresentaram sinais clínicos da intoxicação. Após doze dias de recuperação, os animais sobreviventes foram desafiados com a mesma dose diária da planta ingerida anteriormente para avaliar o desenvolvimento de resistência. Os sinais clínicos observados nos dois experimentos caracterizaram-se por anorexia, mucosas oculares congestas, polidipsia, sialorreia, fezes pastosas que evoluíram para diarreia líquida fétida esverdeada, decúbito lateral e morte para os Ovinos 1 a 7. As principais lesões histológicas observadas foram necrose do tecido linfoide (linfonodos, baço, placas de Peyer e enterite necrosante. Com os resultados obtidos, pode-se concluir que os ovinos podem ser utilizados como modelo experimental clínico-patológico na intoxicação por S. versicolor. Com o método utilizado, não houve resistência ao consumo diário de folhas

  16. INTOXICAÇÃO EXPERIMENTAL POR Phytolacca decandra EM OVINOS EXPERIMENTAL POISONING BY Phytolacca decandra IN SHEEP

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roselene Ecco

    2001-04-01

    Full Text Available Doses únicas de 10 a 25g/kg das folhas verdes de Phytolacca decandra foram administradas oralmente a 11 ovinos. Dois desses ovinos (20 e 25g/kg morreram 6 horas após a ingestão da planta e os outros nove adoeceram levemente e se recuperaram. Um outro ovino recebeu 4 doses diárias de 5g/kg da mesma planta. Esse ovino e outros dois usados como controles não adoeceram. Os principais sinais clínicos nos ovinos afetados foram dor abdominal, inquietação, manoteio, distúrbios respiratórios, tremores e hiperestesia. As alterações macroscópicas mais importantes em dois ovinos necropsiados estavam restritas ao sistema digestivo e consistiam de avermelhamento difuso da mucosa do rúmen, retículo, abomaso e intestino delgado. Microscopicamente, as alterações eram necrose de coagulação e microabscessos na mucosa dos pré-estômagos e presença de numerosos cristais birrefringentes na luz dos túbulos renais.Single dosis varying from 10 to 25g/kg of fresh green leaves of Phytolacca decandra were orally force fed to 11 sheep. Two of these sheep (20 and 25g/kg died 6 hours after the ingestion of the plant and the other 9 got mildly sick and recovered. Another sheep was fed 4 daily dosis of 5g/kg of the same plant. This sheep and another two used as controls did not get sick. The main clinical signs in the affected sheep were abdominal pain, restless, pawing, respiratory distress, muscle tremors, and hyperesthesia. Gross findings in the two necropsied sheep were confined to the digestive tract and consisted of diffuse mucosal reddening of the rumen, reticulum, abomasum, and small intestine. Microscopic changes were coagulative necrosis and microabscesses in the mucosa of the forestomachs and several intratubular birefringent crystals in the kidney.

  17. Behavioral observations of grazing sheep in the Cerrado biome of Federal DistrictObservações comportamentais de ovinos em pastejo no bioma Cerrado do Distrito Federal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juaci Vitória Malaquias

    2012-05-01

    Full Text Available The knowledge of animal behavior under grazing in different biomes is an alternative to increase production because it identifies possibilities of strategic interventions in the management. The aim of this study was to evaluate if the average time of grazing, ruminating and leisure are related to the position (station/decubitus, to the location (sun or shade, as well as the influence of gender in these interactions in Santa Inês sheep in Cerrado from Federal District, Brazil. To obtain the data, the behavior of the animals was assessed by visual observations at ten-minute intervals over a period of ten hours on two consecutive days. From the data obtained were analysis of variance and comparisons between means by Tukey test with significance level of 5%. The result of this study showed that the average time of grazing, ruminating and leisure in Santa Inês sheep, are related to the position (station/decubitus and location (sun and shade. No significant differences were identified in relation to time spent in the activity of grazing, ruminating and leisure between Santa Inês sheep males and females. O conhecimento do comportamento animal sob pastejo em diferentes biomas é uma alternativa para o incremento na produção, pois identifica possibilidades de intervenções estratégicas no manejo. O objetivo do presente trabalho foi avaliar se o tempo médio de pastejo, ruminação e ócio estão relacionados com a posição (estação/decúbito, com o local (sob sol ou sombra, bem como a influência do sexo nestas interações em ovinos da raça Santa Inês no bioma Cerrado do Distrito Federal. Para a obtenção dos dados, o comportamento dos animais foi avaliado por observações visuais em intervalos de dez minutos num período de dez horas, em dois dias consecutivos. A partir dos dados obtidos foram realizadas as análises de variância e comparações entre as médias pelo teste de Tukey com nível de significância de 5%. O resultado deste

  18. Anticorpos Anti-Leptospira spp. em ovinos do município de Monte Negro, Estado de Rondônia

    OpenAIRE

    Aguiar, D. M.; G.T. Cavalcante; Vasconcellos, Silvio Arruda; SOUZA, G. O.; Labruna,Marcelo Bahia; Camargo, Luís Marcelo Aranha; Gennari, Solange Maria

    2010-01-01

    O presente estudo determinou a prevalência de anticorpos anti-Leptospira spp. em ovinos do Município de Monte Negro, RO. Foram examinados soros de 141 ovinos de raça, idade e sexo variados provenientes de 15 fazendas, pela técnica de Soroaglutinação Microscópica. Doze (80,0%) propriedades apresentaram pelo menos um animal reagente. Títulos de anticorpos iguais ou superiores a 100 foram detectados em 47 (33,3%) animais, e os sorovares mais frequentes foram Patoc (29,7%), Autumnalis (14,8%), Py...

  19. Leptospira sp em ovinos do Rio Grande do Sul soroprevalência e avaliação da imunogenicidade da bacterina leptospira hardjo

    OpenAIRE

    Geder Paulo Herrmann

    2002-01-01

    Foi determinada a soroprevalência de aglunininas anti-leptospira sp, em 1360 amostras de soros de ovinos, das messorregiãoes Sudeste e Sudoeste Rio-Grandense, entre os meses de janeiro a marco de 199. A maior soroprevalência da Leptospira sp, com maior frequencia a sorovariedade hardjo, elaborou-se de uma vacina monovalente L hardjo, como adjuvante oleoso, aplicada em dois grupos de ovinos formado por 15 ovelhas e um terceiro controle formado por 10 animais. O primeiro grupo recebeu duas dose...

  20. Trema micrantha como causa de pneumopatia tóxica em ovinos: reprodução experimental

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flademir Wouters

    2013-10-01

    Full Text Available A intoxicação experimental por Trema micrantha em cinco ovinos é descrita. Quatro ovinos apresentaram sinais clínicos respiratórios acentuados e morte após ingestão da terceira dose de folhas da planta. As manifestações clínicas mais frequentes nesses casos foram taquipneia, dispneia, retração ritmada das narinas, mucosas cianóticas, corrimento nasal mucoso, hipertermia, aumento de volume abdominal bilateral e na região parotídea, incluindo crepitação à palpação, membros lateralmente afastados ao caminhar e decúbito esternal. T. micrantha mostrou-se tóxica para ovinos na dose de 20-50g/kg de peso animal. Na necropsia desses ovinos foram observados, além das mucosas cianóticas, enfisema subcutâneo em região cervical ventral ou porção mediastinal dorsal, pulmões não colabados, pesados, com impressão das costelas na superfície e conteúdo espumoso vermelho em traqueia e brônquios, além de múltiplas petéquias subpleurais. Na avaliação histológica predominaram alterações pulmonares, com espessamento de septos alveolares por proliferação difusa de pneumócitos tipo II, conferindo aspecto adenomatoso a algumas áreas. Os pneumócitos apresentavam núcleo volumoso, hipercromático, ora bizarro ou eram multinucleados, com nucléolos evidentes e, em algumas áreas, os pneumócitos estavam descamados para a luz alveolar, ora formando sincícios. Havia também proliferação do epitélio bronquiolar, com formação de mais de uma camada celular, núcleos hipercromáticos e volumosos e redução na quantidade de cílios. As alterações proliferativas dos pneumócitos e do epitélio bronquiolar foram evidenciadas pela imunomarcação anti-citoqueratina e anti-Ki-67 e, para a diferenciação entre pneumócitos e macrófagos alveolares, foi empregada imuno-histoquímica anti-mieloide/histiócitos (MAC387. Um ovino apresentou quadro clinico-patológico de insuficiência hepática aguda, com necrose hepatocelular

  1. Monensina e digestibilidade aparente em ovinos alimentados com proporções de volumoso/concentrado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigues Paulo Henrique Mazza

    2001-01-01

    Full Text Available A resposta obtida com a utilização dos ionóforos é influenciada por diversos fatores, entre eles a densidade energética da dieta. Foram objetivos do presente estudo avaliar os efeitos da monensina sobre a digestibilidade total em ovinos submetidos a diferentes dietas. Dezoito animais machos e castrados foram distribuídos em um delineamento inteiramente casualizado com um arranjo fatorial de tratamentos 2 x 3, correspondentes a zero ou 40 mg de monensina sódica por animal e por dia e 25%, 50% ou 75% de concentrados na dieta, composta por mistura de concentrados, a base de milho e farelo de soja, e feno de Coast-Cross. O experimento teve duração total de 25 dias, sendo os 5 últimos destinados à coleta de fezes e urina. A monensina aumentou a digestibilidade total da proteína bruta, avaliada através de coleta total de fezes, independentemente do nível de fibra utilizado (25% de concentrados: 69,6% vs. 65,3%; 50% de concentrados: 72,2% vs. 69,2%; 75% de concentrados: 73,4% vs. 69,8%. A monensina interagiu com o nível de concentrados da dieta para a digestibilidade total da fibra bruta (25% de concentrados: 62,0% vs. 61,0%; 50% de concentrados: 53,2% vs. 59,2%; 75% de concentrados: 51,8% vs. 42,7% e retenção nitrogenada (25% de concentrados: -3,8 vs. -20,6; 50% de concentrados: -10,4 vs. +2,0; 75% de concentrados: +11,4 vs. +7,9% do N retido em relação ao absorvido, sendo as melhores respostas obtidas na dieta predominantemente concentrada e as piores na dieta mista. Este produto não alterou o consumo de matéria seca, a digestibilidade total da matéria seca, dos extrativos não nitrogenados, do extrato etéreo, da fibra em detergente ácido, da fibra em detergente neutro, da energia bruta e os nutrientes digestíveis totais em qualquer dieta.

  2. Estresse oxidativo e lipoperoxidação devido à anemia induzida por perda aguda de sangue em ovinos

    OpenAIRE

    Fonteque,Joandes Henrique

    2005-01-01

    A produção de espécies reativas de oxigênio (ERO) é um evento presente em todas as células do organismo e pode estar aumentada em condições como hipóxia induzida pela anemia causando lesões em moléculas como DNA, lipídeos e proteínas. Com o objetivo de avaliar o estresse oxidativo na anemia induzida por perda aguda de sangue, foram utilizados 10 ovinos, mestiços da raça Texel, machos e fêmeas, com idade entre seis e oito meses, clinicamente sadios, mantidos em regime de confinamento. Os anima...

  3. Intoxicação espontânea e experimental por frutos de Eugenia uvalha Cambess. (Myrtaceae) em ovinos

    OpenAIRE

    Tiffany Emmerich; Vanessa Borelli; Cardoso,Thalita C.; Wisser,Claudia S.; Nathalia S. Wicpolt; Biff,Claudia P.; Traverso,Sandra D.; Aldo Gava

    2014-01-01

    Descrevem-se os dados epidemiológicos, sinais clínicos e lesões de uma enfermidade de ovinos caracterizada por apatia, sialorréia, ranger de dentes, andar em círculos, cegueira, incoordenação motora, opistótono e convulsões, geralmente seguidos de morte. A doença ocorreu nos meses de fevereiro e março de 2009 a 2013, nas regiões Oeste e Planalto do Estado de Santa Catarina e está associada à queda dos frutos da "uvaieira" (Eugenia uvalha Cambess). Nas propriedades onde ocorreram os surtos hav...

  4. Campylobacter fetus subespécie fetus: abortamento e natimortalidade em ovinos Campylobacter fetus subspecies fetus: abortion and stillbirths in sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Letícia Trevisan Gressler

    2012-04-01

    Full Text Available A bactéria do gênero Campylobacter está comumente envolvida em surtos de abortos ovinos em muitos países. No Brasil, até o presente momento, ainda não houve relato sobre a ocorrência de aborto em ovinos causado pelo C. fetus, subespécie fetus (C. fetus ssp. fetus. No presente trabalho, relata-se a detecção deste agente em fetos e natimortos ovinos naturalmente infectados. Desse modo, alerta-se para a possibilidade de novos casos de aborto em ovinos causados por C. fetus ssp. fetus.The bacteria of genus Campylobacter spp, is commonly involved in outbreaks of ovine abortion in many countries. In Brazil, until now, there has been no report on the occurrence of abortion in sheep caused by C. fetus subsp. fetus. In this paper, we report the detection this bacteria in ovine fetuses naturally infected. Thus, alert for possible cases of abortion in sheep caused by C. fetus subsp. fetus.

  5. Experimentos com a polpa cítrica em ovinos e coelhos Experiments with citrus pulp in sheep and rabbits

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Hubinger Tokarnia

    2001-12-01

    Full Text Available Ovinos e coelhos receberam em sua alimentação polpa cítrica em quantidades elevadas durante períodos prolongados, com a finalidade de estabelecer um modelo experimental. A polpa cítrica para os experimentos realizados nos ovinos era a mesma usada por criador do município de Lorena, SP, que perdeu 5 de um total de 56 vacas em lactação, em um período de poucas semanas; a doença caracterizava-se histologicamente por lesões granulomatosas. Os 4 ovinos usados nos experimentos receberam 800g/dia/animal desta polpa cítrica durante 10 a 11 meses. Nenhum dos ovinos mostrou o quadro clínico-patológico da intoxicação pela polpa cítrica observado nos bovinos ou outras alterações. Nos experimentos com os coelhos foi usada polpa cítrica de duas procedências. Na primeira série de experimentos com 6 coelhos foi usada a mesma polpa cítrica dos experimentos com os ovinos; na segunda série de experimentos com mais 6 coelhos utilizou-se a polpa cítrica que causou lesões granulo-matosas em cães. Os coelhos da primeira série ingeriram em média 51,5 g/dia/animal, os da segunda série em média 35,2 g/dia/animal da polpa cítrica. Os coelhos foram sacrificados 2, 3 , 6 e 12 meses após o início dos experimentos. Nenhum dos coelhos mostrou o quadro clínico-patológico da intoxicação pela polpa cítrica ou outras alterações.Citrus pulp was fed to sheep and rabbits in high doses and during long periods, in order to find an experimental model. The citrus pulp used in the experiments in sheep was the same used by a cattle breeder in Lorena, State of São Paulo, who lost out of a total of 56 lactating cows during a period of a few weeks 5 animals by a disease characterized histologically by granulomatous lesions. The 4 sheep used in the experiments received 800g/day/animal of this citrus pulp during 10 to 11 months. They were euthanized at the end of the experiment. None of the sheep showed the clinical-pathological picture of citrus pulp

  6. Pitiose em ovinos nos estados de Pernambuco e Bahia Pythiosis in sheep from Pernambuco and Bahia States, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manuel V. Carrera

    2013-04-01

    Full Text Available A pitiose é uma doença infecciosa causada pelo oomiceto aquático P. insidiosum que acomete animais e o homem, especialmente habitantes de áreas úmidas. A enfermidade apresenta como característica principal a formação de lesões com aspecto granulomatoso nos hospedeiros. Neste trabalho, relatou-se a ocorrência da pitiose em ovinos nos estados de Pernambuco (PE e Bahia (BA, Nordeste do Brasil, bem como foi avaliada a eficácia de um imunoterápico frente a esta enfermidade. Amostras de sangue de 53 ovinos foram coletadas, sendo 49 animais oriundos de propriedades localizadas em PE e quatro animais provenientes da BA. Sete ovinos demonstraram sinais clínicos de pitiose ovina. Um dos animais foi submetido à eutanásia e sua cabeça e linfonodo submandibular foram coletados e enviados para análises laboratoriais. Seis ovinos foram submetidos à imunoterapia, sendo mantidos nas instalações do setor de ovinocultura da Univasf/Petrolina-PE durante o tratamento. As técnicas de ELISA, cultura fúngica e reação em cadeia da polimerase (PCR foram utilizadas como métodos diagnósticos da pitiose ovina, sendo eficientes para confirmação dos casos clínicos no rebanho. Ao exame microscópico do material coletado da cavidade nasal de um animal eutanasiado, observou-se uma área focalmente extensa de necrose com presença de infiltrado difuso de neutrófilos íntegros e degenerados margeando a cartilagem. Somente um animal apresentou cura clínica, indicando uma eficiência no tratamento da pitiose de 16,7% (1/6. O aumento de casos de pitiose tem sido denotado em diversos municípios de PE e da BA. Neste contexto, o emprego do imunoterápico pode ser uma alternativa a ser pesquisada. Portanto, estudos futuros devem ser realizados para investigar o efeito da imunoterapia aplicada à pitiose em ovinos.Pythiosis is a devastating infectious disease caused by an aquatic oomycete, Pythium insidioum, and affects animals and humans that inhabit

  7. Parâmetros ruminais e balanço de nitrogênio em ovinos alimentados com rações contendo resíduo da extração da polpa de tamarindo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Juliano Valério Geron

    2015-10-01

    Full Text Available Avaliou-se os parâmetros ruminais, o consumo, a produção fecal e urinária de nitrogênio e o balanço de nitrogênio (BN em ovinos alimentados com níveis crescentes de resíduo da extração da polpa de tamarindo - REPT (0,0%, 5,0%, 10,0% e 15,0% na MS. Foram utilizados quatro ovinos sem padrão racial definido (SPRD, não castrados, com peso corporal (PC médio de 40,38 kg ± 2,10 kg alocados em gaiolas de metabolismo, alimentados duas vezes ao dia. Foi utilizado um delineamento experimental em quadrado latino 4X4. Cada período experimental teve duração de 20 dias. Os parâmetros ruminais mensurados foram o pH e a concentração do nitrogênio amoniacal (N-NH3 do líquido ruminal. Os dados de consumo de nitrogênio (N, N fecal, N urinário, N absorvido e BN expressos em g dia-1; % do nitrogênio consumido (NC e gramas por quilograma de peso metabólico (g kg0,75 -1 foram submetidos á análise de variância (ANOVA e testados utilizando equação de regressão a 5% de probabilidade. Foi observado que os níveis de REPT não alteraram (p>0,05 o comportamento do pH e a concentração do N-NH3 do líquido ruminal, porém foi observado que o tempo após alimentação alterou de forma quadrática (p<0,05 o valor de pH e a concentração do N-NH3 do líquido ruminal dos ovinos. Foi observado que a inclusão do REPT na alimentação de ovinos não alterou (p>0,05 o consumo de N, N urinário e N absorvido em g dia-1, g kg 0,75 -1 e o balanço de nitrogênio (BN g dia-1, g kg 0,75 -1 e % do nitrogênio consumido (NC. Porém o N absorvido em % do NC apresentou um efeito linear decrescente (p<0,05 com a inclusão do REPT nas rações experimentais. Para o nitrogênio fecal em g dia-1, g kg 0,75 -1 não foi observado diferença (p>0,05 com a inclusão do REPT, porém para o N fecal expresso em % NC dos ovinos foi alterado (p<0,05 de maneira linear crescente com a inclusão do REPT nas rações. Assim, conclui-se que a inclusão de até 15,0% de res

  8. SUBSTITUIÇÃO DO FENO DE TIFTON PELO RESÍDUO ÚMIDO DE CERVEJARIA EM DIETAS DE OVINOS EM MANTENÇA WET BREWERS’ GRAIN AS REPLACEMENT FOR HAY IN MAINTENANCE SHEEP DIET

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ives Cláudio da Silva Bueno

    2007-04-01

    Full Text Available O resíduo úmido de cervejaria é um subproduto disponível ao longo do ano, podendo ser utilizado como um substituto das forragens durante os períodos críticos. O objetivo deste estudo foi avaliar a utilização do resíduo úmido de cervejaria como substituto do feno em dietas exclusivas de volumoso para ovinos. Mantiveram-se seis ovinos machos da raça Santa Inês em gaiolas de metabolismo em um delineamento experimental de quadrado latino múltiplo de 3 x 3, com dietas experimentais 100% de feno de Tifton 85 capim-bermuda (Cynodon ssp (FT, 67% de FT + 33% de resíduo de cervejaria (RUC33 e 33% de FT + 67% de resíduo de cervejaria (RUC67. O ensaio avaliou o consumo voluntário, a digestibilidade aparente in vivo da matéria seca, da matéria orgânica, da proteína bruta, e das fibras em detergente neutro e em detergente ácido, pH ruminal e perfil de nitrogênio (N amoniacal. O consumo voluntário foi de 1.090, 1.129 e 737 (EP = 66,9 g MS dia-1 nas dietas FT, RUC33 e RUC67, respectivamente. A digestibilidade aparente da matéria seca não foi afetada pelos tratamentos, mas a inclusão do resíduo aumentou a digestibilidade da proteína bruta. Os perfis de N-NH3 no rúmen foram semelhantes em todos os tratamentos e o pH ruminal diferiu entre os tratamentos (6,26; 5,98 e 6.28 (EP = 0,05 no FT, RUC33 e RUC67, respectivamente. Os animais apresentaram diminuição no consumo quando o resíduo foi oferecido nas quantidades de 67% da MS. PALAVRAS-CHAVE: Avaliação de alimentos, subprodutos, suplementação para ruminante Wet brewers’ grain (RUC is an available by-product throughout the year and its fiber fractions could replace forage fibers during critical periods. The aim of this study was to evaluate wet brewers’ grain as a substitute for hay in exclusive forage diets for sheep. Six Santa Inês male sheep were kept in metabolic cages in a 3x3 multiple Latin square, in which the experimental diets were 100% Tifton 85 Bermudagrass

  9. Goniometria dos membros torácicos e pélvicos de ovinos em duas faixas etárias

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renato T. Conceição

    2012-08-01

    Full Text Available O trabalho teve por objetivo comparar os valores goniométricos das articulações dos membros torácicos e pélvicos em ovinos da raça Santa Inês em duas faixas etárias (jovens e adultos. Foram utilizados 30 ovinos hígidos, fêmeas, divididos em dois grupos: Grupo 1 com 15 animais jovens (idade entre 6 e 12 meses, Grupo 2 com 15 animais adultos (entre 3 e 6 anos. Foram aferidas a máxima flexão, a máxima extensão e calculou-se a amplitude de movimento das articulações, direita e esquerda, dos membros torácicos (ombro, cotovelo e carpo e pélvicos (coxofemoral, joelho e tarso, com o emprego de um goniômetro universal de plástico. Cada articulação foi aferida em triplicata por dois avaliadores com o animal em estação. Não foram detectadas diferenças estatísticas entre as médias em ambos os lados, entre os avaliadores ou entre os grupos. Foi possível assim concluir que, em ovinos hígidos, os valores goniométricos não foram influenciados pela idade.

  10. Conidiobolomicose em ovinos no Estado de Mato Grosso Conidiobolomycosis in sheep in the state of Mato Grosso, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabiana M. Boabaid

    2008-01-01

    Full Text Available Relatam-se os achados epidemiológicos, clínicos, patológicos e micológicos de conidiobolomicose em ovinos no Estado de Mato Grosso. A doença ocorreu em uma propriedade no município de Nobres, em um rebanho com 40 ovelhas adultas, entre os meses de janeiro a junho de 2007. Aproximadamente 30% dos ovinos da propriedade adoeceram e todos os doentes morreram em curso clínico de 2-5 semanas. O quadro clínico foi caracterizado por apatia, emagrecimento, dificuldade respiratória com dispnéia, respiração ruidosa e oral, secreção nasal mucosa ou sero-sanguinolenta, exoftalmia unilateral, por vezes com cegueira, e morte. Havia desaparecimento de etmoturbinados com substituição por tecido bran-cacento, finamente granular, multilobulado e friável infil-trando-se na lâmina cribiforme, no septo nasal e nas coa-nas em todos os ovinos necropsiados. Lesões similares foram encontradas em linfonodos regionais (2 casos, pulmões (3, encéfalo (2 e em linfonodos do abomaso (1. Microscopicamente havia inflamação granulomatosa da região rinocerebral, caracterizada por necrose, proliferação de tecido conjuntivo, infiltrado de neutrófilos, eosinófilos, células epitelióides e células gigantes multinucleadas freqüentemente circundando material Splendori-Hoeppli, onde havia imagens negativas de hifas. Na impregnação pela Prata-Metenamina, as hifas tinham septos e ramificações escassas e irregulares, com dilatação balonosa terminal e com forte demarcação de contornos. Iso-lou-se de tecido nasal de quatro ovinos Conidiobolus sp.The epidemiological, clinical, pathological and mycological findings of an outbreak of conidiobolomycosis in a flock of 40 Santa Ines sheep, in the state of Mato Grosso, Brazil, are reported. The illness occurred in the municipality of Nobres during January-June, 2007, resulting in death of about 30% of the affected sheep within 2-5 weeks. The clinical signs were characterized by apathy, weight loss, labored and

  11. Comportamento de ovinos da raça Santa Inês, de diferentes pelagens, em pastejo = Behavior of Santa Inês sheep, different colorations, grazing

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Merilene Maria dos Santos

    2011-07-01

    Full Text Available O objetivo deste experimento foi avaliar o comportamento de ovinos da raça Santa Inês, de diferentes pelagens em condições de pastejo. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado, com três cores de pelame (branco, castanho e preto, representando os tratamentos e 7 repetições, em um arranjo de parcela subdividida com cor do pelame na parcela e período na sub-parcela. As observações das variáveis analisadas foram realizadas em quatro períodos experimentais, onde cada período conteve três dias de observações comportamentais. Sendo as variáveis analisadas: tempo de pastejo, tempo de ruminação, tempo em ócio, outras atividades e bebendo água. As observações foram realizadas a cada 10 min., das 6 às 17h. Não houve interação significativa (p > 0,05 entre período e cor do pelame para nenhuma das características comportamentais estudadas. Osperíodos influenciaram todas as atividades comportamentais. A cor do pelame influenciou na atividade ruminando em pé ao sol: animais brancos apresentaram maior tempo (p The objective of this experiment was to evaluate the behavior in Santa Ines sheep, different colorations, under conditions of grazing. The experimental design was completely randomized, with three coat colors (white, brown and black as treatments and 7 replications in a split plot arrangement with the coat color in the plot and period in the sub-plot. The observations of the variables analyzed were four experimental periods where each period contained three days of behavioral observations. Since the variables: grazing time, rumination time, leisure time, drinking water and other activities The observations were made every 10 minutes from 6 a.m. to 5 p.m. No significant interaction (p > 0.05 between period and color of the coat for any of the behavioral traits studied. The periods affected all behavioral activities. The hair coat color influenced the activity mulling standing at the Sun, the white animals

  12. Biodisponibilidade de fontes orgânicas e inorgânicas de zinco em ovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    F.G. Vilela

    2011-04-01

    Full Text Available Compararam-se os efeitos de diferentes fontes e doses de zinco na dieta de ovinos Santa Inês sobre os níveis de zinco plasmático e de fosfatase alcalina. Foram utilizados 40 cordeiros, recém-desmamados, com média de peso de 18,4kg, distribuídos em 10 tratamentos: 1- dieta basal sem suplementação de zinco; 2- dieta basal + 200mg de Zn/kg de MS na forma de óxido de zinco; 3- dieta basal + 400mg de Zn/kg de MS na forma de óxido de zinco; 4- dieta basal + 600mg de Zn/kg de MS na forma de óxido de zinco; 5- dieta basal + 200mg de Zn/kg de MS na forma de zinco aminoácido; 6- dieta basal + 400mg de Zn/kg de MS na forma de zinco aminoácido; 7- dieta basal + 600mg de Zn/kg de MS na forma de zinco aminoácido; 8- dieta basal + 200mg de Zn/kg de MS na forma de zinco proteinato; 9- dieta basal + 400mg de Zn/kg de MS na forma de zinco proteinato; 10- dieta basal + 600mg de Zn/kg de MS na forma de zinco proteinato. A cada 28 dias, os animais foram pesados e tiveram seu sangue colhido para análise de zinco (Zn, análise de fosfatase alcalina e análises de imunoglobulinas G (IgG e M (IgM. No final do experimento, foram coletadas amostras de fígado para estudo dos níveis de zinco hepático. Não houve diferença entre tratamentos nos níveis de fosfatase alcalina e de zinco hepático, e no ganho de peso (P>0,05, mas houve diferença (P<0,05 nos níveis de Zn plasmático e nos níveis de IgG e IgM. Baseando-se no acúmulo no fígado, a estimativa da biodisponibilidade de zinco, por intermédio das equações de regressão, mostrou que as fontes orgânicas e inorgânicas de zinco não diferiram entre si.

  13. Anticorpos anti-Neospora caninum em bovinos, ovinos e bubalinos no Estado do Rio Grande do Sul Antibodies to Neospora caninum in cattle, sheep and water buffalo in Rio Grande do Sul state, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Silveira Flôres Vogel

    2006-12-01

    Full Text Available A infecção pelo Neospora caninum é distribuída mundialmente e tem sido considerada uma importante causa de abortos em bovinos, que são hospedeiros intermediários do protozoário. O presente artigo relata um estudo sorológico da infecção pelo N. caninum em 1.024 amostras de bovinos, ovinos e bubalinos, oriundos de 55 propriedades em 16 municípios do Estado do Rio Grande do Sul (RS. Anticorpos contra o agente foram detectados por um teste imunoenzimático do tipo ELISA em 11,4% (89/781 das amostras de bovinos, em 14,6% (24/164 dos bubalinos e em 3,2% (2/62 dos ovinos. Bovinos soropositivos foram detectados em todos os municípios amostrados. Esses resultados demonstram que a infecção pelo N. caninum encontra-se amplamente difundida no rebanho bovino e também em outras espécies de ruminantes do Estado. Aliados a relatos clínicos e histopatológicos anteriores, esses resultados ressaltam a importância do N. caninum como agente etiológico de falhas reprodutivas em bovinos no RS.The infection by Neospora caninum is distributed worldwide and has been considered an important cause of abortion in cattle, which are intermediate hosts of the parasite. The present article reports an serological survey of the N.caninum infection in 1024 serum samples of cattle, sheep and water buffalo from 55 herds in 16 counties of the state of Rio Grande do Sul (RS. Antibodies to the agent were detected by ELISA in 11.4% (89/781 bovine samples, in 14.6% (24/164 water buffalo and in 3.2% (2/62 sheep sera. Positive cattle were detected in all tested counties. These results demonstrate that N. caninum infection is widespread among bovine and other ruminants in the state. Taken together with previous clinical and pathological reports, these results are indicative of the importance of the parasite as the etiological agent of reproductive failure in cattle in RS.

  14. Intoxicação experimental pelos frutos de Xanthium cavanillesii (Asteraceae em ovinos Experimental poisoning by the burs of Xanthium cavanillesii (Asteraceae in sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre Paulino Loretti

    1999-04-01

    Full Text Available Os frutos moídos de Xanthium cavanillesii foram administrados por via oral, em doses únicas ou fracionadas, a 15 ovinos adultos. Nove ovinos morreram. Doses a partir de 2 g/kg em uma única administração foram letais para os ovinos. Doses únicas de 1,25 g/kg e doses de 2,5 g/kg subdivididas em duas administrações diárias (1,25 g/kg em dois dias consecutivos não causaram a intoxicação. Sinais clínicos foram observados apenas nos animais que morreram. Iniciavam entre 5 horas e 20 horas após o início da administração dos frutos. A evolução do quadro clínico foi superaguda (90 minutos a 3 horas ou aguda (9 a 13 horas. Sinais clínicos incluíam apatia, anorexia, hipomotilidade ruminal, tremores musculares generalizados, incoordenação motora, andar rígido, relutância em caminhar, instabilidade, quedas e decúbito. Muitos animais apresentavam corrimento nasal seromucoso que dificultava a respiração. Nas fases terminais havia tiques, sialorréia, convulsões, nistagmo, movimentos de pedalagem e períodos de apnéia seguidos de morte. Os principais achados de necropsia incluíam acentuação do padrão lobular do fígado acompanhada de petéquias distribuídas aleatoriamente na superfície capsular e de corte, distensão da vesícula biliar associada a edema e hemorragias na parede, ascite, hidrotórax, edema gelatinoso e translúcido da região perirrenal, conteúdo do ceco e alça proximal do cólon ascendente ressequido, compactado, recoberto por muco e estrias de sangue coagulado. Havia petéquias e sufusões disseminadas. A principal lesão microscópica consistia em acentuada necrose coagulativa hepatocelular centrolobular ou massiva acompanhada de congestão e hemorragia e vacuolização ou tumefação dos hepatócitos remanescentes.The ground burs of Xanthium cavanillesii (Asteraceae were force fed to 15 adult sheep in single doses or divided in two doses. Nine sheep died. Doses of 2 g/kg and above were lethal for the

  15. Uso da ciclofosfamida em modelo de imunodepressão experimental em ovinos Ovine experimental immunosuppression using cyclophosphamide

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maurício Garcia

    2004-09-01

    Full Text Available A ciclofosfamida (CY foi usada para avaliar o efeito no sistema imune de ovinos. Carneiros adultos castrados foram divididos em 3 grupos, com 6 animais cada. Os Grupos I (dia 0 e II (dia 1 foram tratados com a CY (40 mg/kg, dose única, IV, e o Grupo III não foi tratado, permanecendo como controle. Todos os grupos foram imunizados no dia 0 com a vacina B19 contra a brucelose. No dia 6, todos animais foram sangrados e foi realizado o teste de soro-aglutinação para detecção de anticorpos anti-brucella. Foram também realizadas, diariamente durante 7 dias, contagens de linfócitos sangüíneos e dosagens de gamaglobulinas séricas por eletroforese. Os resultados encontrados mostraram uma diminuição estatística da resposta imune. Foram encontrados, nos Grupos I e II, baixos títulos de anticorpos anti-brucella, além de linfopenia e hipogamaglo-bulinemia. Uma alta mortalidade (40% foi encontrada nos animais tratados.Cyclophosphamide (CY was used to evaluate the effect on the immune system of sheep. Castred adult rams were divided into 3 groups, with 6 animals each one. Group I (day 0 and Group II (day 1 were treated with CY (40 mg/kg, single dose, IV, and Group III was not treated and remained as control. All groups were immunized on day 0 with B19 brucellosis vaccine. On day 6, all animals were bled and serum agglutination test for brucellosis antibodies detection was performed. During 7 days blood lymphocyte counts and electrophoresis gammaglobulin dosage were daily performed. The results showed statistical decrease of immune response. Low serum titers of brucellosis antibodies were found in Groups I and II, and lymphopenia and hypogammaglobulinemia were also found in these groups. A high mortality rate (40% occurred in the treated animals.

  16. Comportamento ingestivo de vacas em lactação e de ovinos alimentados com dietas contendo palma forrageira Ingestive behavior of lactating cows and sheep fed diets with spineless cactus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Safira Valença Bispo

    2010-09-01

    Full Text Available Foram realizados dois experimentos, o primeiro com o objetivo de avaliar o efeito da substituição do feno de capim-elefante por palma forrageira e o segundo para avaliar o efeito da substituição total do milho, e parcial da soja, por palma e ureia sobre o comportamento ingestivo de ovinos e de vacas em lactação, respectivamente. No experimento 1, foram utilizados cinco ovinos machos, não-castrados, sem raça definida, com peso médio de 25,8 kg, distribuídos em quadrado latino 5 x 5. No experimento 2, foram utilizadas 8 vacas em lactação, com produção média inicial de 14 kg leite/dia, distribuídas em dois quadrados latino 4 x 4. A observação dos dados comportamentais foi realizada visualmente, durante 24 horas, em ambos os experimentos. No experimento 1, com a inclusão da palma forrageira, os consumos de matéria seca, o tempo de alimentação e as eficiências de ruminação aumentaram linearmente, ao passo que o tempo de ruminação reduziu, linearmente também; o consumo de fibra em detergente neutro (FDN e as eficiências de alimentação apresentaram comportamento quadrático. No experimento 2, a inclusão de palma e ureia não influenciou os consumos de matéria seca e FDN nem os tempos de alimentação e ruminação e as eficiências de alimentação e de ruminação (kgMS/hora, no entanto, a eficiência de ruminação (kg FDN/hora apresentou comportamento quadrático. O tempo de mastigação total e o tempo de ócio não foram influenciados pela inclusão de palma na dieta nos dois experimentos. Recomenda-se para ração de ruminantes com alta proporção de palma forrageira a inclusão de uma fonte de fibra fisicamente efetiva.It was carried out two experiments, the first aiming to assess the effect of substituting elephant grass hay by spineless cactus and the second to evaluate the total replacement of corn and partial replacement of soybean by cactus and urea regarding to the ingestion behavior of sheep and lactating

  17. Scrapie e seu diagnóstico diferencial em ovinos no Mato Grosso do Sul Scrapie and differential diagnosis in sheep in Mato Grosso do Sul, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Héllen M. Martins

    2012-12-01

    Full Text Available Scrapie é uma doença infecciosa, neurodegenerativa fatal, causada pelo príon scrapie (PrPsc. Apresenta-se tanto na forma clássica em ovinos e caprinos geneticamente susceptíveis quanto na forma atípica em ovinos. A primeira notificação oficial do Brasil à Organização Mundial de Saúde Animal (OIE, um caso da forma clássica diagnosticado no Rio Grande do Sul ocorreu em 1985, mas a doença já havia sido diagnosticada no mesmo Estado em 1978. Este trabalho objetivou descrever dois surtos de Scrapie em ovinos em Mato Grosso do Sul (MS, Brasil e investigar, por meio de imuno-histoquímica (IHQ a presença de PrPsc no Sistema Nervoso Central (SNC de ovinos examinados entre 2003 e 2010. Na primeira parte observaram-se dois ovinos com sinais clínicos típicos de scrapie, detalhando-se os sinais neurológicos, dados epidemiológicos, histopatológicos e amostras teciduais em duplicata desses ovinos foram encaminhadas para realização de diagnóstico de Raiva e para diagnóstico IHQ para príon. Na segunda parte realizou-se levantamento de laudos de necropsia e diagnósticos histopatológicos de ovinos, no período de maio de 2003 a março de 2010. Amostras de sistema nervoso central de 51 casos foram selecionados, incluindo os dois já com diagnóstico de Scrapie mencionados acima; os tecido de todos esses ovinos foram submetidos à IHQ para detecção de proteína priônica. Os 49 ovinos avaliados apresentaram resultado negativo na IHQ para príon.Scrapie is a fatal neurodegenerative infectious disease, caused by the scrapie prion (PrPsc, that can both in the as the classic form in genetically susceptible sheep and goats and in the atypical form in sheep. The first official notification of scrapie from Brazil was made to the World Organization for Animal Health (OIE in 1985, in the state of Rio Grande do Sul, although the disease was first documented in this Brazilian state in 1978. The objective this paper was to describe two outbreaks

  18. Colopexia em ovinos da raça Dorper com prolapso retal Colopexy in Dorper lambs with rectal prolapse

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Graziela Kopinits de Oliveira

    2009-04-01

    Full Text Available Prolapso de reto é afecção comum em ovinos de cauda curta. Neste trabalho relata-se a técnica de colopexia para redução de prolapso retal em trinta ovinos da raça Dorper, dos quais, três vieram a óbito no período pós-operatório e três tiveram que ser sacrificados, pois além de apresentarem recidiva, um deles era idoso, e os outros três por se encontrarem bastante debilitados. Aos 15 dias após a cirurgia, cinco animais apresentaram recidiva do prolapso, sendo a colopexia refeita em três deles tendo bom resultado em apenas um, e os outros dois foram sacrificados. Aos 30 dias de pós-operatório um animal apresentou prolapso retal, os outros dezenove (63,3% estavam em adequado estado físico. A realização de colopexia é uma alternativa para o tratamento de prolapso retal em ovelhas da raça Dorper, porém recidivas e complicações são comuns.Rectal prolapse is a common affection in lambs of short tail. This study aimed at reporting the colopexy to reduce the rectal prolapse in Dorper lambs. Thirty animals were submitted to surgery and three of them died in the postoperative period. Three animals had to be sacrificed, because they have shown prolapse recurrence (one of them was old, and the other three were in a strong debilitated state. At 15 days after the surgery, five animals showed prolapse recurrence and the colopexy was performed again in three having good results in only one, the other two were sacrificed. At the 30 postoperative days, an animal showed rectal prolapse signals, the other nineteen animals (63,3% were healthy. The colopexy use is an option to rectal prolapse treatment in Dorper lambs, although, recurrences and complications are expected.

  19. Intoxicação experimental aguda por Senecio brasiliensis em ovinos e indução de resistência à intoxicação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabiane B. Grecco

    2012-09-01

    Full Text Available Ovinos são mais resistentes à intoxicação por Senecio spp. que bovinos e equinos. Para determinar se essa resistência é induzida pela ingestão de pequenas e repetidas doses da planta e se essa resistência é duradoura, foram realizados três experimentos com folhas e talos verdes de Senecio brasilienses. Para determinar a dose mínima que causa intoxicação aguda (experimento 1, foram administradas doses únicas de 60, 80, 90, 100 e 100g/kg de peso corporal (pc a cinco ovinos, respectivamente. Os animais que receberam 60 e 80 g/kg de pc de S. brasiliensis não adoeceram, porém o ovino que recebeu 80g/kg de pc apresentava fibrose e megalocitose discretas nas biópsias realizadas aos 90, 120 e 150 dias do término da administração da planta. Os ovinos que receberam 90 e 100g/kg de pc apresentaram anorexia, prostração, movimentos de pedalagem, dor abdominal e morte 12-48 horas após o aparecimento dos sinais clínicos. Na necropsia havia ascite, petéquias disseminadas e acentuação do padrão lobular hepático. Histologicamente havia necrose hemorrágica centro-lobular. No Experimento 2 a dose capaz de causar a intoxicação aguda foi fracionada e administrada em duas, cinco e 10 doses diárias para 3 ovinos, respectivamente. A dose tóxica fracionada não provocou sinais clínicos de intoxicação em nenhum dos ovinos, porém havia fibrose periportal e megalocitose moderadas nas biopsias realizadas aos 60 dias do término da administração da planta, as quais não evoluíram. O ovino que recebeu a dose fracionada em 10 administrações não apresentou lesões histológicas nas biópsias. Para determinar se os ovinos tornam-se resistentes à forma aguda da intoxicação (experimento 3, foram administradas doses diárias de 15g/kg de pc por 30 dias e 30g/kg de pc por 10 dias a quatro ovinos. No dia seguinte à última administração dois ovinos receberam a dose única de 100g/kg de pc de S. brasiliensis, mas não adoeceram nem

  20. Estafilococos resistentes à oxacilina isolados em casos de mastite subclínica em ovinos

    OpenAIRE

    ZAFALON, L. F.; Verissimo,C.J.; Mamizuka,E.M.; MARTINS, K. B.; Almeida,L.M.; VESCHI, J. L. A.

    2012-01-01

    Bactérias do gênero Staphylococcus estão entre os principais agentes causadores da mastite ovina. Um dos maiores entraves ao tratamento dos animais doentes são cepas resistentes aos antimicrobianos empregados. A pesquisa do gene mecA nos estafilococos é um instrumento auxiliar para a determinação de aspectos epidemiológicos da doença. Este trabalho teve por objetivo investigar a resistência à oxacilina em estafilococos coagulase-negativos isolados no leite de ovelhas com mastite subclínica. F...

  1. PERFIL HEMATOLÓGICO E BIOQUÍMICO DE OVINOS SUPLEMENTADOS COM SALINOMICINA SUBMETIDOS À ACIDOSE LÁCTICA RUMINAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aerlem Cynnara Vieira

    2012-06-01

    Full Text Available Twelve sheep were distributed into two groups, control (CG and salinomycin (SG, to study clinical, hematological and biochemical alterations in sheep supplemented with the ionophore and to evaluate its effect in preventing experimental lactic ruminal acidosis which was induced with sucrose. Variables were analyzed at intervals of 4h, 8h, 12h, 16h, 24h, 32h and 48h post-induction (PI. The enzymes AST, GGT, ALP and CK were determined, and seric total protein (TP, albumin, urea, creatinine, blood count, total plasmatic protein (TPP, fibrinogen (PF, glucose and L-lactate were quantified. Clinical manifestations of lactic acidosis and lower ruminal pH values were observed 8h PI, with (P <0.05 in SG compared to the basal moment. Neutrophils showed higher scores (P <0.05 in CG compared to SG 4h PI. The PF reached significant values (P <0.05 in CG 48h PI compared to SG. Urea decreased (P <0.05 in both groups 12h PI. Glucose increased (P <0.05 when compared to CG at basal moment. There was a decrease (P <0.05 at urinary pH 12h up to 48h PI, compared to 0h time in CG, while the SG decreased (P <0.05 just at moments 12h and 16h PI. Salinomycin did not prevent acidosis, however, favored the reestablishment of the animals that received it.

  2. Intoxicação natural por Brachiaria spp. em ovinos no Brasil Central Brachiaria spp. poisoning in sheep in Central Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanessa S. Mustafa

    2012-12-01

    Full Text Available Brachiaria spp. é a principal forrageira utilizada para ruminantes no Brasil Central, mas a sua toxicidade, devida à presença de saponinas esteroidais, torna-se um importante entrave à sua utilização. Neste trabalho descrevem-se 34 surtos e um foco de intoxicação por Brachiaria spp em ovinos, que ocorreram em diferentes épocas do ano. A morbidade geral foi de 23,2% e a letalidade foi 88,3%. O tempo que os animais permaneceram no pasto até o surgimento dos sinais clínicos da intoxicação por Brachiaria spp. variou de 15 dias até mais de 12 meses. Em 90,1% dos surtos os animais eram menores de 12 meses de idade. O curso clínico da intoxicação variou de 2 a 45 dias. Os sinais clínicos e as lesões macroscópicas foram características de fotossenssibilização hepatógena, no entanto, nos casos mais agudos não foram observadas dermatite nem icterícia, ocorrendo severo edema em face e orelhas. Na histologia do fígado as lesões mais características foram a presença de macrófagos com citoplasma espumoso, encontrados principalmente nos sinusoides hepáticos e, às vezes, com imagens negativas de cristais acutiformes no citoplasma. Em oito das 11 fazendas visitadas os surtos ocorreram em pastagens de Brachiaria decumbens; em duas em pastagens de B. brizantha e uma em pastagem de B. decumbens, B. humidicola e Andropogon sp. As concentrações de saponinas nas pastagens, em 5 surtos, variou de 0.3% a 2.56%. As informações geradas neste trabalho permitem a proposta de medidas para controle e profilaxia da intoxicação por Brachiaria spp. no Brasil Central.Brachiaria spp. is the main pasture for ruminants in Central-Brazil, but the crucial problem for their utilization is the toxicity due to the presence of steroidal saponins. This paper reports 35 outbreaks of poisoning by Brachiaria spp in sheep. The poisoning occurred in different seasons of the year. Mean morbidity was 23.2% and mean lethality was 88.3%. The occurrence of

  3. Epidemiologia das infecções por Brucella abortus,Brucella ovis, Chlamydophila abortus e Toxoplasma gondii em rebanhos ovinos no estado de Alagoas

    OpenAIRE

    José Wilton Pinheiro Junior

    2008-01-01

    Objetivou-se com este trabalho estudar aspectos de produção, higiênicosanitário e reprodutivo, além da epidemiologia de algumas doenças infecciosas bacterianas (brucelose e clamidofilose) e parasitária (toxoplasmose) envolvidas em distúrbios reprodutivos em ovinos no Estado de Alagoas. Foram estudadas 27 propriedades distribuídas em 23 municípios nas três mesorregiões do Estado de Alagoas. Para o estudo dos aspectos produtivos, higiênico-sanitário e reprodutivo, foram aplicados e analisado...

  4. Implante de células-tronco de polpa dentária humana associadas à biomateriais para o reparo de lesões em joelhos de ovinos

    OpenAIRE

    Marcos Vinícius Mendes Silva

    2011-01-01

    A terapia celular com células-tronco (CT) surgiu nos últimos anos como uma esperança para o tratamento de doenças, sem tratamento efetivo, como a osteoartrite (OA) em joelho. Nesse trabalho utilizamos células-tronco imaturas de polpa dentária humana (CTPD) cultivadas ou não em associação com biomateriais para o tratamento de lesões osteoarticulares em joelhos de ovinos. As CTPD humanas foram transduzidas com o gene repórter, EGFP, facilitando o monitoramento das mesmas in vitro e in vivo, apó...

  5. Composição nutricional de milho Bt ensilado com inoculante enzimobacteriano e avaliado em ovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J.G. Moro

    2015-06-01

    Full Text Available O objetivo foi avaliar as características agronômicas e químico-bromatológicas de dois híbridos de milho Bt (30F35H e CD397YH ensilados com inoculante enzimobacteriano. Os teores de FDN foram semelhantes para todas as frações de planta, já o teor de FDA diferiu quanto à planta inteira e colmo, enquanto a lignina diferiu em relação à planta inteira, colmo e sabugo. A DIVMS não apresentou diferença entre os híbridos em nenhuma das frações. As silagens foram produzidas em silos experimentais (aproximadamente 200kg. As concentrações de MS, EE, FDN, NDT e DIVMS não mostraram diferença entre as silagens dos híbridos avaliados. Já os teores de MM, PB, FDA e lignina diferiram. Não houve diferença entre as silagens dos híbridos para os valores de NDT estimado e para a DIVMS. Também não foi observado efeito do inoculante sobre os valores de CHT, CNF, FDN e DIVMS. Conclui-se que o híbrido Pioneer foi superior ao Coodetec em produtividade de MV ha-1, porém a composição nutricional das silagens não diferiu na concentração de NDT e digestibilidade avaliadas em ovinos. Não houve efeito do uso de inoculante na digestibilidade da matéria seca e da fração fibra em detergente neutro das silagens.

  6. Consumo e digestibilidade de subprodutos do processamento de frutas em ovinos Intake and dry matter digestibility of by-products of fruit processer in sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Edilton Lousada Junior

    2005-04-01

    Full Text Available Esta pesquisa foi realizada objetivando-se avaliar o valor nutritivo de subprodutos do processamento de frutas. Foram estudados subprodutos de abacaxi, acerola, goiaba, maracujá e melão, utilizando-se 20 ovinos machos castrados, com peso médio de 34,5 kg. Adotou-se o delineamento experimental inteiramente casualizado, com cinco tratamentos (subprodutos e quatro repetições. Os consumos de matéria seca (CMS dos subprodutos de goiaba, maracujá e melão foram semelhantes, porém superiores ao CMS do subproduto de acerola. Os maiores consumos de proteína bruta (CPB foram observados com maracujá e melão (g/animal/dia, g/UTM, enquanto acerola apresentou menor CPB. O subproduto de goiaba apresentou maior consumo de fibra em detergente neutro (CFDN e fibra em detergente ácido (CFDAe o de maracujá, maior coeficiente de digestibilidade aparente da matéria seca (DMS. Os subprodutos de acerola e goiaba apresentaram DMS inferior aos demais. Os coeficientes de digestibilidade aparente da proteína bruta dos subprodutos de maracujá e melão foram superiores aos demais subprodutos. Quanto aos coeficientes de digestibilidade da fibra em detergente neutro (DFDN e da fibra em detergente ácido (DFDA, os subprodutos de acerola e goiaba mostraram-se inferiores, enquanto o subproduto de maracujá apresentou DFDA e DFDN superiores aos demais subprodutos. Não foram observadas diferenças para o balanço de nitrogênio entre os subprodutos estudados. Os resultados comprovaram que os subprodutos de abacaxi, maracujá e melão podem ser utilizados na alimentação de ruminantes, enquanto os subprodutos de acerola e goiaba apresentaram baixos coeficientes de digestibilidade, limitando sua utilização para ruminantes.This work was carried out aiming to evaluate the nutritive value of byproducts of fruit processor. Byproducts of pineapple, west indian cherry (WIC, guava, passion fruit and melon were evaluated. Twenty sheep castrated males, with average weight

  7. Intoxicação experimental por Sida carpinifolia (Malvaceae em ovinos Experimental poisoning by Sida carpinifolia (Malvaceae in sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anderson L. Seitz

    2005-03-01

    Full Text Available Administrou-se Sida carpinifolia L.f. secada à sombra e moída, em doses diárias de 11 a 30g/kg/dia, para sete ovinos. Um animal foi encontrado morto aos 18 e outro morreu apresentando sinais clínicos aos 53 dias do início do experimento. Outros quatro animais adoeceram e foram eutanasiados aos 30, 45, 75 e 100 dias do experimento. O fornecimento de S. carpinifolia foi interrompido em um ovino ao 80º dia do experimento, e o animal foi eutanasiado 70 dias após. Todos os animais foram necropsiados. O consumo variou entre 11 e 30 g/kg/dia da planta seca. As principais alterações clínicas iniciaram a partir do 20º dia com emaciação progressiva e leve diarréia. Os sinais neurológicos iniciaram no 25º dia e eram caracterizados por ataxia com dismetria, tremores da cabeça, posturas atípicas, quedas freqüentes, lentidão dos movimentos, dificuldade em apreender e deglutir os alimentos. Esses sinais clínicos se acentuavam quando os animais eram forçados a se movimentar. O ovino que parou de consumir Sida carpinifolia, recuperou-se clinicamente e 11 dias após a interrupção não apresentava mais alterações clínicas. Na necropsia havia aumento de volume dos linfonodos mesentéricos em cinco dos sete ovinos. Ao exame histológico as alterações mais significativas estavam presentes no sistema nervoso central e constavam de distensão e vacuolização citoplasmáticas afetando principalmente as células de Purkinje do cerebelo, os neurônios do córtex cerebral, do tálamo, do mesencéfalo e dos cornos ventrais da medula espinhal. Também foram observados esferóides axonais mais freqüentes na camada granular do cerebelo. A vacuolização citoplasmática foi observada também no epitélio dos ácinos pancreáticos e dos túbulos renais, nas células foliculares da tireóide, nos hepatócitos e macrófagos de órgãos linfóides. As lesões ultra-estruturais observadas foram vacuolizações citoplasmáticas, algumas envoltas por

  8. Paratuberculose em ruminantes no Brasil Paratuberculosis in ruminants in Brasil: a review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elise M. Yamasaki

    2013-02-01

    Full Text Available A paratuberculose ou doença de Johne é uma enterite granulomatosa causada por Mycobacterium avium subsp. paratuberculosis (Map e comumente afeta ruminantes domésticos, no entanto, pode infectar várias espécies de mamíferos. Está presente nos cinco continentes e é considerada endêmica em algumas regiões pela Organização Internacional de Epizootias (OIE. Pertence à lista de enfermidades notificáveis, que compreende as doenças transmissíveis de importância sócio-econômica e/ou em saúde-pública, cujo controle é necessário para o comércio internacional de animais e alimentos de origem animal. A importância da doença de Johne não se restringe somente aos preju��zos econômicos causados à indústria animal, mas também na possível participação do Map na íleocolite granulomatosa que afeta seres humanos, conhecida como doença de Crohn. No Brasil, a paratuberculose já foi descrita em diversas espécies de ruminantes e em vários estados. Embora os relatos naturais da enfermidade sejam pontuais, acredita-se na possibilidade da transmissão interespecífica e na disseminação do agente através da compra e venda de animais infectados. O objetivo deste artigo foi reunir as informações disponíveis referentes aos aspectos epidemiológicos, clínico-patológicos e laboratoriais da paratuberculose em bovinos, bubalinos, caprinos e ovinos no Brasil, e salientar a necessidade de implementação de medidas de controle sanitário da enfermidade no país, o que possibilitaria a melhoria da qualidade e valorização dos produtos de origem animal no mercado internacional.Paratuberculosis also known as Johne's disease, is a granulomatous enteritis caused by Mycobacterium avium subsp. paratuberculosis (MAP, an acid-fast bacillus that preferentially resides within host intestinal macrophages. The condition is most commonly seen in domestic ruminants, however MAP can also infect other mammalian species. Paratuberculosis shows a

  9. Avaliação da exposição solar na intoxicação experimental por Brachiaria decumbens em ovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mirna R. Porto

    2013-08-01

    Full Text Available Foram utilizados 26 ovinos, entre 3 e 4 meses de idade, divididos em 3 grupos, provenientes de rebanhos que nunca tiveram contato com pastos de Brachiaria spp.. Dois grupos receberam Brachiaria decumbens no cocho diariamente ad libitum, sendo que um deles permaneceu em área com exposição solar (GS e o outro foi mantido em baias cobertas protegidos do sol (GSB. O grupo controle (GC foi também mantido em local com exposição solar e alimentado com feno de Cynodon dactylon e capim Pennisetum purpureum triturado. Todos os grupos receberam alimentação em cochos e foram suplementados com 200g/dia/animal de ração comercial para ovinos. Foi realizada a avaliação clínica diária dos ovinos e colhidas amostras duas vezes por semana para dosagem sérica de AST e GGT. Os animais que morreram foram submetidos a necropsia e em todos os ovinos sobreviventes foi realizada biópsia hepática no final do experimento. Três animais do grupo GS adoeceram e dois morreram. Um ovino do grupo GSB adoeceu e morreu. Não houve alterações clínicas nos ovinos controles. Os principais sinais clínicos observados nos animais que adoeceram foram apatia, emagrecimento, fotofobia, hiperemia e secreção ocular e icterícia. Nenhum animal apresentou lesões cutâneas de fotossensibilização. O grupo que permaneceu no sol apresentou atividades séricas médias de AST e GGT significativamente maiores que a dos demais grupos (p<0,05 e os animais que permaneceram na sombra apresentaram níveis maiores de GGT (p<0,05 em comparação ao grupo controle. A histopatologia das amostras de fígados dos ovinos com sinais clínicos demonstrou tumefação e vacuolização de hepatócitos, necrose individual de hepatócitos, macrófagos espumosos com cristais birrefringentes intracitoplasmáticos e dentro de ductos biliares e infiltrado mononuclear periportal. Amostras do capim fornecidas aos cordeiros evidenciaram níveis médios de 0,94±0,80% da saponina protodioscina. As

  10. Avaliações ultra-sonográfica, macroscópica e histológica da biopsia testicular em ovinos

    OpenAIRE

    Sartori R; Prestes N.C.; Canavessi A.M.O.; Kempinas W.G.; Rosa G.J.M.

    2002-01-01

    Devido ao fato da biopsia testicular poder acarretar hemorragia, inflamação, degeneração, aderência e fibrose, especialmente com as técnicas incisionais ou abertas, este trabalho avaliou a aplicabilidade de uma técnica menos invasiva (biopsia com agulha Tru-Cut) em ovinos na obtenção de material para histologia e acompanhou as lesões testiculares posteriores. Trinta carneiros foram igualmente divididos em três grupos: 1) controle, animais não submetidos à biopsia; 2) submetidos à biopsia + co...

  11. Soroprevalência de aglutininas anti-Leptospira spp. em ovinos nas Mesorregiões Sudeste e Sudoeste do Estado Rio Grande do Sul, Brasil

    OpenAIRE

    Herrmann Geder Paulo; Lage Andrey Pereira; Moreira Elvio Carlos; Haddad João Paulo Amaral; Resende José Renato de; Rodrigues Rogério Oliveira; Leite Rômulo Cerqueira

    2004-01-01

    A presença de aglutininas anti-Leptospira spp. em 1360 amostras soros de ovinos, clinicamente sadios com mais de um ano de idade, criados extensivamente em 136 fazendas de 18 municípios; 10 na Mesorregião Sudeste e 8 na Mesorregião Sudoeste do Estado do Rio Grande do Sul, entre os meses de janeiro a março de 1999. Foi determinado pela Técnica de Aglutinação Microscópica (MAT), das 1360 amostras de soros testados, 466 (34,26%) animais foram reagentes e os títulos de aglutininas anti-Leptospira...

  12. Nematódeos resistentes a anti-helmíntico em rebanhos de ovinos e caprinos do estado do Ceará, Brasil

    OpenAIRE

    Melo Ana Carolina Fonseca Lindoso; Reis Iarle Feitosa; Bevilaqua Claudia Maria Leal; Vieira Luiz da Silva; Echevarria Flávio Augusto Menezes; Melo Luciana Magalhães

    2003-01-01

    O controle do parasitismo por nematódeos gastrintestinais é feito basicamente com a utilização de anti-helmínticos. Falhas no controle são o primeiro sinal do aparecimento de resistência anti-helmíntica. A real situação da prevalência da resistência anti-helmíntica, em fazendas comerciais de criação de ovinos e caprinos no Brasil, é desconhecida. Esse experimento teve como objetivo, estimar a ocorrência de resistência ao oxfendazol, levamisol e ivermectina em propriedades comerciais de criaçã...

  13. Acidente ofídico em ovinos causado por Bothrops jararaca Snake bite accident in sheep by Bothrops jararaca

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Hubinger Tokarnia

    2008-12-01

    Full Text Available Relata-se a ocorrência de um acidente ofídico em um rebanho de ovinos, mestiços da raça Bergamascia, no município de Miguel Pereira, Estado do Rio de Janeiro. Quatro ovelhas adultas, com cerca 35 kg de peso, foram picados na cabeça por um exemplar de Bothrops jararaca dentro de curto espaço de tempo. Os animais apresentaram a cabeça muito tumefeita, mas o estado geral era bom. Um ovino foi eutanasiado. Verificou-se que a tumefação da cabeça era causada por hemorragia embaixo da pele, que se estendia ao pescoço. Histologicamente foi verificada na face, hemorragia maciça, principalmente no tecido subcutâneo, com infiltração de hemácias no tecido muscular adjacente, que em áreas onde era mais intensa, provocou afastamento entre as fibras musculares, algumas com aspecto hialinizado. Discute-se a causa das diferenças sobre a ocorrência de edema/hemorragia e necrose no envenenamento causado pelas diversas serpentes do gênero Bothrops nas diferentes espécies animais.The occurrence of a snake bite accident in a herd of mixed Bergamascia sheep in the county of Miguel Pereira, State of Rio de Janeiro, is reported. Four adult sheep were bitten in the head by Bothrops jararaca within a short period of time. Their head was severely swollen, but the general state of them was good. One of the sheep was euthanasied. Masssive hemorrhages were found beneath the skin, which extended to the neck. Histologically, the subcutaneous hemorrhages infiltrated the adjacent muscles. In areas where the hemorrhages were more intense they caused separation of muscle fibers, some of which had a hyaline aspect. Differences in the occurrence of edema/hemorraghes and necrosis in snake bite accidents, caused by various snake species in different animal species, are discussed.

  14. Teores séricos e hepáticos de cobre, ferro, molibdênio e zinco em ovinos e caprinos no estado de Pernambuco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Allan Vieira dos Santos Marques

    2011-05-01

    Full Text Available O trabalho objetivou conhecer os teores de Cu, Mo, Fe e Zn em soro e fígado de ovinos e caprinos criados na região semiárida do estado de Pernambuco e abatidos nas épocas da chuva e seca, e estabelecer se a carência de Cu é causada por deficiência primária de Cu ou secundária à ingestão de quantidades excessivas de Fe ou Mo. Amostras de soro e fígado de 141 ovinos e 141 caprinos foram submetidas à digestão úmida em ácido nítrico-perclórico e, posteriormente, analisados em espectrofotômetro de absorção atômica indutivamente acoplado (ICPOES. A concentração sérica de Cu em caprinos teve uma média de 9,85±2,71µmol/L e em caprinos de 11,37±2,57µmol/L, enquanto que a concentração hepática média foi de 158,45±83,05mg/kg para ovinos e 152,46±79,58mg/kg para caprinos. Os teores séricos de Fe foram de 35,58± 14,89µmol/L em ovinos e de 25,06±8,10µmol/L em caprinos e as concentrações no fígado foram de 156,10±55,99mg/ kg em ovinos e 210,53±121,99mg/kg em caprinos. As concentrações médias séricas de Mo foram de 0,28±0,11µmol/ L em caprinos e 0,31±0,16µmol/L em ovinos, enquanto que no fígado sua concentração foi de 6,53±4,13mg/kg e 8,10± 4,01mg/kg, respectivamente. A concentração sérica de Zn foi de 11,9±6,07µmol/L em ovinos e 11,79±7,42µmol/ L em caprinos e a concentração no fígado foi de 126,43 ±51,50mg/kg e 132,91±55,28mg/kg em ovinos e caprinos, respectivamente. Verificou-se variação na concentração destes minerais considerando os fatores de variação, como o período sazonal, espécie e sexo. Baseado nos valores observados, considerados marginais, e na ocorrência de surtos de ataxia enzoótica em caprinos e ovinos na região, recomenda-se a suplementação com Cu em animais a campo, tanto na seca quanto na chuva. Considerando as concentrações séricas e hepáticas de Fe e Mo, sugerese que as concentrações marginais de Cu não estejam diretamente relacionadas com o excesso

  15. Ocorrência de raiva em ovinos no Rio Grande do Sul Occurrence of rabies in sheep in Rio Grande do Sul, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel R. Rissi

    2008-10-01

    Full Text Available Descreve-se a ocorrência de raiva em ovinos na região Central do Rio Grande do Sul em novembro de 2003. Foram afetados dois ovinos de raça mista, um macho de três meses e uma fêmea de 2,5 anos de idade que apresentaram sinais clínicos com evolução de cinco dias e caracterizados por dificuldade de locomoção, tremores musculares, decúbito lateral, convulsões, opistótono e febre. Histologicamente havia mielomeningoencefalite não-supurativa, associada a inclusões eosinofílicas intracitoplasmáticas (corpúsculos de Negri em neurônios nos dois ovinos afetados. Em um ovino em que o gânglio de Gasser foi examinado, havia ganglionite não-supurativa. As lesões concentravam-se predominantemente na substância cinzenta da medula espinhal, no tronco encefálico e no cerebelo. Antígeno viral foi detectado em seções selecionadas de ponte e bulbo submetidas ao teste de imuno-histoquímica utilizando anticorpo policlonal anti-ribonucleoproteína do vírus da raiva. Os casos ocorreram em meio a um surto de raiva bovina transmitida por morcegos e foram considerados, com bases epidemiológicas, como transmitidos da mesma forma, como ocorre na raiva endêmica de bovinos no Rio Grande do Sul.Cases of rabies in sheep occurring in November 2003, in central Rio Grande do Sul state, Brazil, are described. A 3-month-old male, and a 2.5-month-old female sheep were affected. Clinical signs were characterized by abnormal gait, trembling, lateral recumbency, convulsion, opisthotonus, and fever. Histological findings included a non-suppurative myelomeningoencephalitis associated with intracytoplasmic eosinophilic inclusion (Negri bodies in neurons. Lesions were predominantly observed in gray matter of the spinal cord, brainstem and cerebellum. There was non-suppurative Gasserian ganglionitis in one sheep in which this structure was examined. Immunohistochemistry using rabies virus ribonucleoprotein polyclonal antibody yelded positive result in brain

  16. Cenurose em ovinos no sul do Brasil: 16 casos Coenurosis of sheep in southern Brazil: 16 cases

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Ricardo Rissi

    2008-08-01

    Full Text Available Neste trabalho são descritos casos de doença neurológica causada por Coenurus cerebralis em 16 ovinos provenientes de nove propriedades rurais do Rio Grande do Sul. Os casos ocorreram entre janeiro de 1990 e dezembro de 2006. A evolução clínica variou de 30-90 dias e os ovinos afetados apresentavam depressão (9/16, isolamento do rebanho (8/16, andar cambaleante (7/16, cegueira (4/16, desvio da cabeça (3/16, incoordenação (3/16, movimentos de pedalagem (2/16, quedas (2/16, andar em círculos, deficiência proprioceptiva nos membros torácicos e pélvicos, estrabismo, midríase, opistótono, tremores e rigidez dos membros (1/16 cada. Os achados macroscópicos foram restritos ao sistema nervoso central e caracterizados por cistos de 2 a 9cm de diâmetro preenchidos por líquido translúcido e revestidos por fina membrana. Na parte interna da membrana, havia numerosas estruturas levemente alongadas e brancas de aproximadamente 1mm de diâmetro (escólices. Na maioria dos ovinos, os cistos eram localizados no telencéfalo (12/16; em três, os cistos estavam no cerebelo e em um ovino havia um cisto no cerebelo e um na medula espinhal. Em todos os casos havia acentuada compressão e deslocamento do tecido nervoso adjacente aos cistos. Histologicamente, os cistos parasitários eram formados por dupla membrana fracamente eosinofílica da qual evaginavam múltiplos escólices esféricos acelomados. Adjacente à parede da vesícula eram observadas sucessivas camadas compostas por uma zona de necrose e mineralização, circundadas por infiltrado inflamatório composto por macrófagos epitelióides e células gigantes multinucleadas, com uma cápsula externa de tecido fibrovascular e infiltrado inflamatório linfoistioplasmocitário perivascular. Adicionalmente, havia compressão e atrofia das substâncias branca e cinzenta adjacentes. O diagnóstico de cenurose foi realizado com base nos achados epidemiológicos, clínicos e macroscópicos, e

  17. Perfil metabólico de ovinos em crescimento alimentados com dietas constituídas de feno ou silagem de maniçoba e palma forrageira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana N.F. de Gouveia

    2015-12-01

    Full Text Available Resumo: Objetivando-se avaliar o efeito da adição de palma forrageira associado à maniçoba na dieta de ovinos sobre o perfil de indicadores bioquímicos do metabolismo energético e proteico, foi realizado um delineamento em blocos casualizados onde foram utilizados 24 ovinos machos, sem padrão racial definido, com peso corporal médio de 19,77±1,95 kg e idade média de seis meses, divididos igualmente em três tratamentos: concentrado + feno Tifton 85, concentrado + feno de maniçoba e concentrado + silagem de maniçoba, e semelhantes partes de palma forrageira. Realizaram-se quatro coletas de sangue, que constituíram as repetições, com intervalos de 15 dias (0d, 15d, 3d0 e 45d. Em seguida, procederam-se as análises dos seguintes indicadores bioquímicos: creatinina sérica, ureia, proteína total, albumina, globulina, glicose, frutosamina, aspartato aminotransferase, fosfatase alcalina, gama glutamiltransferase, sódio, potássio, cloro, cálcio e fósforo. Maior consumo de matéria seca foi observado no grupo com feno de maniçoba. O tratamento com silagem de maniçoba apresentou diferença (P<0,05 no consumo de fibra em detergente neutro. Houve variações significativas na concentração de ureia nos animais que receberam a dieta composta de feno de maniçoba. Tanto o feno como a silagem de maniçoba, em até 30%, pode substituir o feno de Tifton 85 na alimentação de ovinos em terminação, mantendo efetivamente o consumo de matéria seca, rendimento de carcaça, os metabolismos proteico, energético e mineral, além de ser uma boa alternativa para a alimentação de ovinos.

  18. Ruminant and industrially produced <em>trans> fatty acids

    DEFF Research Database (Denmark)

    Stender, Steen; Astrup, Arne; Dyerberg, Jørn

    2008-01-01

    -TFA in popular foods, the evidence of a more harmful effect on health by IP-TFA than by RP-TFA, and the feasibility of eliminating IP-TFA from foods without side effects for the population, suggest that a selective elimination of IP-TFA from our food is a 'low hanging fruit' in the quest for a more healthy diet......Fatty acids of trans configuration in our food come from two different sources - industrially produced partially hydrogenated fat (IP-TFA) used in frying oils, margarines, spreads, and in bakery products, and ruminant fat in dairy and meat products (RP-TFA). The first source may contain up to 60...... remained stable.In spite of this decrease we have found that in many countries consumption >20 g of IP-TFA in a one-meal menu consisting of some popular foods is possible, even though the average intake of IP-TFA in these countries is low. Subgroups of the populations may therefore, on average, consume >5...

  19. Importância da intoxicação por Amorimia pubiflora (Malpighiaceae em bovinos em Mato Grosso: reprodução experimental da intoxicação em ovinos e bovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marciel Becker

    2013-09-01

    Full Text Available No município de Colniza, Mato Grosso, a principal limitação para expansão pecuária é a ocorrência de "morte súbita" em bovinos, com registros de mortalidade próxima a 50% dos animais. Em visitas realizadas em áreas de ocorrência do problema, nos anos de 2004, 2011 e 2012, constatou-se que havia coincidência entre a ocorrência de "mortes súbitas" no rebanho e a presença de Amorimia pubiflora nas pastagens. As mortes ocorrem durante todo ano, porém acentuam-se no início do período das chuvas, quando há maior quantidade de brotação nas áreas de pastoreio. A intoxicação foi reproduzida em ovinos e bovinos através da administração de folhas jovens coletadas em dois períodos do ano, e, em ovinos, através de folhas maduras e dos frutos. Nos ovinos que morreram, as primeiras manifestações clínicas foram observadas entre 34min e 17h34min após a administração da planta e a evolução clínica foi de 3min a 15h20min, com uma fase final superaguda de 3 a 21min. As principais alterações clínicas encontradas foram taquicardia, evidenciação da jugular, tremores musculares, apatia e relutância à movimentação. Todos os sinais acentuavam-se após a movimentação. A fase final superaguda foi caracterizada por relutância para caminhar, cifose, tremores e contrações musculares generalizadas, principalmente de membros, cabeça e pescoço. Notou-se também taquipneia com respiração abdominal, decúbito esternal e rapidamente lateral ou quedas em decúbito lateral, opistótono, nistagmo e cianose de mucosa oral, seguidos de morte. As folhas jovens, independentemente do período da coleta, foram mais tóxicas; causaram a morte de ovinos a partir de 2g/kg e de um bovino que ingeriu 3g/kg. Já as folhas maduras revelaram-se tóxicas e causaram morte na dose de 20g/kg e os frutos ocasionaram a morte de um ovino que ingeriu 5g/kg. Concluímos que monofluoracetato de sódio (MFA, encontrado na concentração de 0,015% nas

  20. Comportamento ingestivo de ovinos e caprinos em pastagens de diferentes estruturas morfológicas (Intake behaviour of sheep and goat in pastures)

    OpenAIRE

    2006-01-01

    Os ruminantes têm a capacidade de modificar um ou mais componentes do seu comportamento ingestivo para superar condições limitantes ao consumo e obter as quantidades de nutrientes necessárias à mantença e produção. Por isso, estudos em etologia vêm sendo cada vez mais utilizados no desenvolvimento de modelos que servem de suporte às pesquisas e às formas de manejo dos animais de interesse zootécnico. Os ovinos e caprinos apresentam de forma geral tempo de pastejo entre 6:00 e 11:00 horas, co...

  1. Principais aspectos da infecção por Leptospira sp em ovinos Main aspects of Leptospira sp infection in sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiza de Souza Seixas Melo

    2010-05-01

    Full Text Available Este trabalho tem como objetivo revisar as infecções por Leptospira sp em ovinos. São abordados os aspectos epidemiológicos, incluindo a ocorrência no Brasil e as formas de transmissão, os sinais clínicos e as lesões, o diagnóstico e as medidas de prevenção e controle.An updated review of Leptopspira sp infection in sheep is presented emphasizing some epidemiological aspects including the occurrence of the disease in Brazil and mechanisms of transmission, clinical signs and lesions, diagnosis, prevention and control measures.

  2. Intoxicação experimental por Brachiaria decumbens em ovinos confinados Experimental poisoning by Brachiaria decumbens in feedlot sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Klaus C. Saturnino

    2010-03-01

    Full Text Available Foi realizado estudo experimental de intoxicação por Brachiaria decumbens em ovinos confinados que receberam apenas esta forrageira como alimento. Os animais foram avaliados em três períodos do ano, com duração de 60 dias cada. As análises incluíram exame clínico e amostras de sangue para mensuração da atividade sérica das enzimas gama glutamiltransferase e aspartato aminotransferase com o objetivo de avaliar sua importância e utilidade no diagnóstico de fotossensibilização hepatógena causada pela planta. Foram descritos ainda, achados de necropsia e histopatológicos. Dos vinte e quatro animais confinados, cinco morreram no primeiro período (fevereiro a abril, quatro no segundo (junho a agosto e dois no terceiro (outubro a dezembro, tendo como principais sinais clínicos anorexia, icterícia, fotofobia, dermatite leve, além de desidratação e apatia. Nos achados de necropsia foram constatados icterícia generalizada, vesícula biliar repleta e distendida, padrão lobular hepático evidente e, em dois casos, opacidade de córnea. As alterações microscópicas foram mais significativas no fígado com bilestase, tumefação e vacuolização de hepatócitos, sinusóides com macrófagos, proliferação de ductos e dúctulos biliares com infiltração linfocítica, que variaram na sua severidade conforme o tempo decorrido da ingestão da planta, além de imagens negativas de cristais no citoplasma de macrófagos presentes nos sinusóides hepáticos e no espaço periportal e cristais refringentes oticamente ativos, ocluindo a luz de ductos biliares. Os achados foram característicos de fotossensibilização hepatógena por B. decumbens, principalmente pela presença de fotofobia, mesmo quando os animais não apresentaram fotodermatite. O aumento da atividade sérica da gama glutamiltransferase teve alta correlação com a morte dos animais. O surgimento da elevação da atividade sérica de gama glutamiltransferase foi, em m

  3. Conidiobolomicose causada por Conidiobolus lamprauges em ovinos no Estado de Santa Catarina Conidiobolomycosis caused by Conidiobolus lamprauges in sheep in the state of Santa Catarina, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Henrique Furlan

    2010-07-01

    Full Text Available Descreve-se um surto de conidiobolomicose em ovinos no Estado de Santa Catarina. O surto ocorreu entre os meses de dezembro e março de 2006, no município de Santo Amaro da Imperatriz, região litorânea do Estado. A propriedade possuía 75 ovinos da raça Santa Inês e seis desses animais adoeceram. Clinicamente os animais doentes apresentavam dificuldade respiratória, corrimento nasal seroso a mucossanguinolento e, por vezes exolftalmia. Na necropsia verificou-se uma massa amarelada na região etmoidal e adjacências que, às vezes, atingia os linfonodos regionais, cérebro, globo ocular e pleura. Microscopicamente a massa caracterizava-se por infiltrado inflamatório granulomatoso com áreas necróticas associadas a hifas largas pouco ramificadas. Através de exame molecular detectou-se DNA de Conidiobolus lamprauges. Os aspectos clínicos, epidemiológicos, macroscópicos, microscópicos e moleculares caracterizam a conidiobolomicose causada por Conidiobolus lamprauges em ovinos.An outbreak of conidiobolomycosis affecting sheep in the State of Santa Catarina, Southern Brazil is reported. The disease occurred in six Santa Inês breed sheep from a flock of 75 during the rainy season. Common clinical signs were noisy respiration and dyspnea, serous to mucosanguineous nasal discharge and exophthalmus. At necropsy there was a dense yellow mass in the nasopharyngeal area affecting the ethmoidal region, turbinate bones and occasionally limph nodes, central nervous system and pleura. Histopathologycally there was multifocal granulomas whith an eosinophilic necrotic reaction containing ribbon type hyphae similar to zygomycetous fungi. At molecular examination Conidiobolus lamprauges DNA was detected. The clinical, epidemiological, macroscopical, microscopical and molecular aspects characterize conidiobolomycosis caused by Conidiobolus lamprauges in sheep.

  4. Intoxicação por alcaloides pirrolizidínicos em ruminantes e equinos no Brasil Poisoning by pyrrolizidine alkaloids in ruminants and horses in Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo B. Lucena

    2010-05-01

    Full Text Available Casos de intoxicação por alcaloides pirrolizidínicos (APs em ruminantes e equinos foram investigados retrospectivamente através do acesso aos arquivos de dois laboratórios de diagnóstico veterinário no Sul e Nordeste brasileiro. Os dados obtidos foram comparados com aqueles retirados da literatura concernentes a surtos dessa toxicose no Brasil, onde ela é associada com a ingestão de plantas que contêm APs dos gêneros Senecio, Crotalaria e Echium. Formas aguda e crônica da toxicose foram encontradas. A doença aguda foi observada em associação com a ingestão de Crotalaria retusa em ovinos e caprinos. C. retusa e Senecio spp. também foram responsáveis pela intoxicação crônica em bovinos, equinos e ovinos. A intoxicação por APs é uma importante causa de morte em animais pecuários no Brasil. Essa é a principal causa de morte em bovinos na região Central do Rio Grande do Sul e uma das principais causas de morte em equinos na Paraíba. A epidemiologia, os sinais clínicos, a patologia e a importância da intoxicação por APs são descritos e discutidos.Cases of poisoning by pyrrolizidine alkaloids (PAs in ruminants and horses were surveilled retrospectively by accessing the files of two veterinary diagnostic laboratories in southern and northeastern Brazil. The data obtained were compared with those withdrawn from the literature and pertaining to outbreaks of the toxicosis in Brazil where it is associated with the ingestion of PAs-containing plants from the genera Senecio, Crotalaria and Echium. Acute and chronic forms of the toxicosis were encountered. Acute disease was observed in association with the ingestion of Crotalaria retusa in sheep and goats. C. retusa and Senecio spp. were also responsible for chronic poisoning in cattle, horses and sheep. PAs poisoning is an important cause of death in livestock in Brazil. It is the major cause of death in cattle in the Central region of Rio Grande do Sul and one of the major

  5. O antagonismo com acetamida em experimentos com ovinos, caprinos e coelhos indica monofluoroacetato como princípio tóxico de Pseudocalymma elegans Bignoniaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Michel A Helayel

    2011-10-01

    Full Text Available O presente trabalho teve como objetivo avaliar o efeito protetor da acetamida nas intoxicações experimentais por Pseudocalymma elegans em ovinos, caprinos e coelhos, com a finalidade de comprovar indiretamente que o monofluoroacetato (MF é responsável pelos sinais clínicos e a morte dos animais que ingerem essa planta. Foram realizados experimentos para determinar a dose letal da planta coletada em Rio Bonito, RJ, em diferentes épocas do ano para ovinos e caprinos e ajustar a dose de acetamida a ser administrada. - No primeiro experimento, dois ovinos e dois caprinos receberam 1,0g/kg de P. elegans fresca e um animal de cada espécie foi tratado previamente com 2,0g/kg de acetamida. Nenhum animal apresentou alterações clínicas ou morreu. Ao que tudo indica a planta poderia estar menos tóxica, já que foi coletada no fim da estação das águas. - No segundo experimento, dois ovinos e dois caprinos receberam 0,67 e 1,0g/kg da planta dessecada, após tratamento prévio, com 2,0 e 3,0g/kg de acetamida, respectivamente. Todos os animais morreram, pois administramos doses muito altas de P. elegans. - No terceiro experimento, dois ovinos e dois caprinos receberam 0,333g/kg de P. elegans dessecada, após administração prévia de 2,0 g/kg de acetamida. Uma semana depois, o protocolo acima foi repetido, porém sem o antídoto. Nos experimentos com coelhos, foram administradas doses de 0,5 e 1,0g/kg de elegans dessecada após a administração de 3,0g/kg de acetamida. Sete dias depois, repetiu-se o protocolo, com exceção da administração de acetamida. Esta, quando administrada previamente, evitou o aparecimento dos sinais clínicos e a morte dos ovinos, caprinos e coelhos, já os animais não tratados com acetamida apresentaram sintomatologia e morreram. Clinicamente, os ovinos e caprinos manifestaram taquicardia, jugulares ingurgitadas, pulso venoso positivo, decúbito esternal e tremores musculares. Na "fase dramática", os animais ca

  6. Fotossensibilização e colangiopatia associada a cristais em ovinos em pastagem com Brachiaria decumbens Photosensitization and crystal associated cholangiopathy in sheep grazing Brachiaria decumbens

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Antonio Amaral de Lemos

    1996-04-01

    Full Text Available Dois surtos de fotossensibilização foram observados em ovinos em pastagens de Brachiaria decumbens no Estado de Mato Grosso do Sul. O quadro clínico incluía edema e dermatite da face, orelhas e pálpebras, conjuntivite, descarga ocular, cegueira e aumento nos níveis séricos de ASTe GT. Alguns ovinos recuperaram-se e outros morreram em 3-7 dias. O fígado apresentou leve aumento de volume e consistência e coloração amarelo-esbranquiçada ou marrom-amarelada. Os ductos biliares e a vesícula biliar estavam dilatados. A principal alteração histológica foi a presença de cristais birrefringentes, eticamente ativos nos ductos biliares e no citoplasma de hepatócitos periportais. Necrose do epitélio dos ductos biliares, fibrose periportal com infiltração de células inflamatórias e proliferação de ductos biliares também foram observadas. Grupos de células grandes com núcleo excêntrico e citoplasma espumoso ocorriam nas regiões periportal e centrolobular. Numerosos grupos destas células também foram observadas no córtex e na medula dos linfonodos hepáticos. Não foram encontradas quantidades contáveis de esporos de Pithomyces chartarum nas amostras da pastagem onde estavam os ovinos; de 30 culturas de P. chartarum isoladas dessas amostras, apenas uma produziu esporidesmina. Conclui-se que a intoxicação foi causada pela ação tóxica de Brachiaria decumbens.Two outbreaks of photosensitization were observed in sheep grazing Brachiaria decumbens in the state of Mato Grosso do Sul, Central Brazil. Clinical signs included swelling and dermatitis of the face, ears and eyelids, conjuntivitis. ocular discharge, blindness, and increased serum levels of AST e GT. Some sheep recoveredand others died within 3-7 days. The livers were sligthy enlarged and firm with white-yellowish or brown-yellowish discoloration. The bile ducts and gall bladder were sligthly enlarged. The main histological changes were the presence of optically active

  7. Serological survey of Neospora caninum in small ruminants from Pernambuco State, Brazil Inquérito sorológico de Neospora caninum em pequenos ruminantes do estado de Pernambuco, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Amélia Santos Mucalane Tembue

    2011-09-01

    Full Text Available Neospora caninum infection is an important cause of bovine abortion as well as neonatal mortality in goats and sheep. A serological survey for antibodies against N. caninum in goats and sheep was carried out in the municipality of Ibimirim, PE, Northeastern Brazil. The imunnofluoresce antibody test showed that 26.6% (85/319 of the goats and 64.2% (52/81 of the sheep were positive. Serologic reactivity was associated with age in goats (p 0.05, with increasing rates in older animals. These results indicate exposure to N. caninum among small ruminants in the study area.A infecção por Neospora caninum é uma importante causa de abortos em bovinos, assim como mortalidade neonatal em caprinos e ovinos. Uma pesquisa sorológica de anticorpos anti-N. caninum foi realizada no município de Ibimirim (PE, Brasil. Os resultados ao teste de imunofluorescência revelaram que 26,6% (85/319 dos caprinos e 64,2% (52/81 dos ovinos foram positivos. A reatividade à sorologia foi associada com a idade nos caprinos (p 0,05, com maior ocorrência nos animais mais velhos. Estes resultados indicam exposição a N. caninum entre pequenos ruminantes na área estudada.

  8. Distrofia muscular nutricional em ovinos na Paraíba Nutritional muscular dystrophy in sheep in Paraíba

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sara Lucena Amorim

    2005-06-01

    Full Text Available Descreve-se um surto de distrofia muscular nutricional em ovinos no semi-árido Nordestino. Foram afetados animais de 3-4 meses de idade, da raça Dorper, pesando 30-40 kg. Os animais eram alimentados, à vontade, com leite, ração balanceada, capim Tifton e sal mineral. Dos 70 animais Dorper, 6 adoeceram e morreram em um período de 48 horas. Apresentaram temperatura, entre 40 e 41ºC, incoordenação com posterior paralisia e decúbito, depressão, prostração e diminuição dos reflexos pupilar e de ameaça, flacidez da língua e mandíbula, salivação, edema submandibular, dispnéia e aumento da freqüência cardíaca. A morte ocorreu após curso clínico de 6- 12 horas. Na necropsia de 3 animais, os músculos esqueléticos estavam de coloração pálida, o fígado estava aumentado de volume e de coloração amarelada, os gânglios parotídeos, submandibulares, retrofaríngeos, prescapulares e mediastínicos estavam aumentados de volume e avermelhados e os pulmões apresentavam áreas vermelhas. Na histologia havia necrose segmentar de todos os músculos examinados e congestão dos gânglios linfáticos e pulmão. Posteriormente mais três animais adoeceram, sendo tratado com oxitetraciclina e complexo vitamínico A,D e E. Desses 3 animais, 2 morreram e um sobreviveu. Na mesma fazenda havia e não adoeceram 20 ovinos da raça Santa Inês, da mesma idade que os animais afetados, que recebiam a mesma alimentação exceto o leite, e 900 ovinos de outras idades. A superalimentação em animais com rápido crescimento e o estresse causado pela restrição de água durantes 2 dias, para aumentar o consumo de leite, parecem ter sido fatores predisponentes para a ocorrência da doença. É possível, também, que algum dos minerais suplementados tenha antagonizado o Se presente na alimentação.An outbreak of nutritional muscular dystrophy is reported in the semiarid region of northeastern Brazil affecting 3-4 months old Dorper sheep. The animals

  9. Prevalência de anticorpos anti-Neospora caninum, anti toxoplasma gondii e anti-leptospira spp. e resposta vacinal para Leptospira spp. em rebanho ovino no município de Uberlândia, MG

    OpenAIRE

    Moreira, Rafael Quirino

    2009-01-01

    Os objetivos do presente trabalho foram: verificar a soroprevalência de Neospora caninum, Toxoplasma gondii e Leptospira spp; monitorar a prevalência para Leptospira spp. num intervalo de 10 meses; e aferir o perfil de aglutininas induzido pela soroconversão de duas bacterinas polivalentes em rebanho ovino com relatos contra perdas reprodutivas no município de Uberlândia, MG. Foram colhidas amostras de sangue de 98 ovinos. As amostras foram testadas frente ao ELISA para Neospor...

  10. Avaliação do kit "TF-Test" para o diagnóstico das infecções por parasitas gastrintestinais em ovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giuliano Lumina

    2006-08-01

    Full Text Available Este estudo teve como objetivos padronizar o kit TF-Test para a quantificação de ovos de parasitas gastrintestinais de ovinos e compará-lo ao método de Gordon & Whitlock modificado (G&W. Vinte quatro cordeiros confinados foram infectados artificialmente com Haemonchus contortus, durante 12 semanas, até o abate, quando foram colhidas amostras fecais e realizada a identificação e contagem dos parasitas abomasais. Nestes animais, ovos de H. contortus foram detectados em 95,8% das amostras fecais por ambos os testes (P>;0,05. Os coeficientes de correlação (r entre a carga parasitária (CP e os valores de OPG obtidos pelos métodos de G&W e TF-Test foram, respectivamente, de r=0,52 e r=0,51 (dados não transformados e r=0,85 e r=0,87 (dados transformados em log. Outras 100 amostras fecais foram colhidas de ovinos naturalmente infectados. Nas amostras destes animais, os testes G&W e TF-Test propiciaram o diagnóstico de ovos de estrongilídeos em 85% e 86% das amostras, respectivamente (P>;0,05. Pelo TF-Test e pelo G&W, oocistos de Eimeria foram detectados em 33% e em 12% das amostras (P<0,001 e ovos de Strongyloides spp. em 15% e 5% das amostras, respectivamente (P<0,05. Ambos os testes foram precisos para o diagnóstico de estrongilídeos gastrintestinais, porém, o TF-Test foi superior para o diagnóstico de oocistos de Eimeria spp. e de ovos de Strongyloides spp., mas, por outro lado, subestimou o número de ovos de estrongilídeos presente nas amostras.

  11. Comportamento de ovinos da raça Santa Inês em ambientes com e sem disponibilidade de sombra Behavior of sheep breed Santa Inês in environments with and without shade availability

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabiano A. de Oliveira

    2013-03-01

    Full Text Available Com o objetivo de observar os efeitos do sombreamento propiciado pela tela de polipropileno sobre o comportamento de ovinos da raça Santa Inês em diferentes épocas do ano, montou-se um experimento em Petrolina, PE, no período de junho a novembro de 2010. Utilizaram-se 40 animais distribuídos em igual quantidade em dois tratamentos (Sombreado e Não sombreado com oferta de pastagem (Tiffton 85 irrigada. Foram feitas aferições dos dados meteorológicos em todas as épocas, com a montagem de termômetros de globo negro e psicrômetros nas duas áreas e de uma mini-estação meteorológica na área sombreada. Nessas épocas foram realizados ensaios de comportamento tendo-se feito observações visuais pelo método da varredura instantânea em intervalos de 10 min no período diurno, verificando-se o percentual de animais quanto à alimentação, ruminação e ócio, a partir da metodologia proposta por Johnson & Combs (1991 adaptada para o tempo de 12h. O sombreamento não influenciou no número de animais em referência às atividades avaliadas nos diferentes tratamentos. A procura por sombra foi intensa nos períodos mais quentes do dia para a atividade de ócio.With the goal of observing the effects of shade provided by polypropylene screen on the behaviour of Santa Inês sheep, in different times of year, an experiment was set up in Petrolina, PE, in the period from June to November 2010. Forty animals divided into equal quantity in two treatments (shaded and non-shaded were used with supply of irrigated pastures (Tiffton 85. Measurements of meteorological data were made at all times, with the assembly of black globe thermometers and psychrometers in the two areas, and a mini-weather station, at the shaded area. Under these conditions a trials was carried out on behavior of animals, being made visual observations by the method of instantaneous scan at intervals of 10 min during the daytime period, checking the percentage of animals under

  12. Utilização de biópsias da terceira pálpebra e mucosa retal em ovinos para diagnóstico de scrapie em uma propriedade da região sul do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliano S. Leal

    2012-10-01

    Full Text Available Scrapie é uma encefalopatia espongiforme transmissível (EET que causa lesões cerebrais degenerativas em ovinos e caprinos. Caracteriza-se pelo acúmulo, no tecido encefálico e linforreticular, da forma anormal da proteína priônica (PrP Sc que provoca a morte maciça de neurônios e células gliais, além de vacuolização intensa no tecido afetado. Esse trabalho descreve a utilização da técnica de imuno-histoquímica (IHQ para proteína priônica em tecido linforreticular de biópsias de terceira pálpebra e mucosa retal, como método diagnóstico de scrapie em ovinos. Realizaram-se exames de IHQ para scrapie em amostras de uma propriedade de origem de um ovino com diagnóstico dessa enfermidade. Utilizaram-se anticorpos monoclonais antipríon para diagnóstico ante mortem pela técnica de IHQ. Nas 318 amostras de biópsias analisadas, encontrou-se 19 resultados positivos para PrP Sc nos folículos de terceira pálpebra e não foi obtida marcação no tecido linfático de mucosa retal em nenhuma das amostras coletadas. Realizaram-se 18 necropsias dos animais positivos anteriormente por biópsia e 21 necropsias de ovinos parentes dos positivos de scrapie. Confirmou-se o resultado de scrapie pela IHQ após a necropsia dos animais positivos nas biópsias de terceira pálpebra. Nesses animais, os órgãos com maior número de cortes positivos foram a terceira pálpebra (18/18 e a tonsila (8/18. Nos ovinos com parentesco com os positivos, nenhum resultado de scrapie ocorreu. A utilização de tecidos linfoides no diagnóstico de scrapie por IHQ através de biópsias mostrou-se um método viável e eficaz para o diagnóstico pré-clínico.

  13. DESEMPENHO E DIGESTIBILIDADE DE OVINOS ALIMENTADOS COM FARELO DE CACAU (Theobroma cacao L. EM DIFERENTES NÍVEIS DE SUBSTITUIÇÃO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristina Mattos Veloso

    2006-10-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar o desempenho e digestibilidade aparente de ovinos alimentados com dietas contendo farelo de cacau em substituição ao concentrado (milho e farelo de soja. Utilizaram-se dezesseis ovinos Santa Inês, fêmeas, não prenhes, não lactantes, com peso médio inicial de 25 kg e aproximadamente doze meses de idade, mantidos em baias individuais. O experimento teve a duração de 78 dias, sendo 15 de período pré-experimental e 63 dias de período experimental. Forneceram-se as dietas em mistura completa, na proporção 50:50% (volumoso:concentrado,sendo utilizado como volumoso o feno da parte aérea da mandioca, com níveis de inclusão de farelo de cacau no concentrado de 0%, 10%, 20% e 30%. Forneciam-se dietas pela manhã, sendo ajustadas de forma a sobrar 10%. Semanalmente, coletaram-se as sobras e amostras de alimentos para análises laboratoriais. Avaliaram-se o consumo, o ganho médio diário de peso, a conversão alimentar e a digestibilidade aparente. A inclusão do farelo de cacau não promoveu diferença nos consumos de matéria seca, proteína bruta e fibra em detergente neutro, no ganho de peso médio diário,na conversão alimentar e digestibilidade dos nutrientes. O consumo de fibra em detergente ácido aumentou linearmente com a inclusão do farelo de cacau na dieta. PALAVRAS-CHAVE: Alimentação, concentrado, confinamento, ruminante, subproduto.

  14. Avaliação da técnica de coloração AgNOR em testículos de ovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.G.M. Chacur

    2015-04-01

    Full Text Available A coloração pela prata das regiões organizadoras de nucléolos (NORs é caracterizada por marcar proteínas ligadas ao ácido ribonucleico ribossômico, avaliando a proliferação em células normais ou neoplásicas. Objetivou-se estudar, em testículos de ovinos obtidos em matadouro, a validade do uso da técnica de coloração pela prata (AgNOR na identificação das regiões organizadoras de nucléolo (NORs em células saudáveis da linhagem espermatogênica. Utilizaram-se 43 pares de testículos de ovinos mestiços entre seis e 10 meses de idade. Testes de Wilcoxon e Spearman foram empregados, com nível de 5%. As médias das NORs nas células das gônadas direita e esquerda foram, respectivamente: espermatogônia (8,77±1,14 e 9,04±0,96, espermatócitos (4,99±2,00 e 6,20±2,07; P<0,05, Leydig (8,05±2,82 e 7,89±2,29 e Sertoli (8,07±1,88 e 7,61±2,16; P<0,05. Houve correlação (P<0,05 entre os lados para o número de NORs: espermatócitos x Leydig (0,49; espermatócitos x Sertoli (0,49 e Leydig x Sertoli (0,96. Conclui-se ser válido o emprego da técnica AgNOR para avaliar o potencial proliferativo das células saudáveis em testículos de ovinos com prática execução e baixo custo.

  15. Avaliação de técnicas de biópsia hepática em ovinos Evaluation of hepatic biopsy techniques in sheep

    OpenAIRE

    Pedro B. Néspoli; Gheller, Valentim A.; Peixoto,Paulo V.; França, Ticiana N.; Carvalho,Antônio U.; Douglas K. Godoy de Araújo; Christina Malm

    2010-01-01

    Devido à carência de informações sobre o tema e à ausência de estudos que confrontem as técnicas de biópsia hepática em ovinos, foi desenvolvido um estudo comparativo entre oito técnicas de biópsia nesta espécie. Neste estudo foram utilizadas oito borregas (17,95kg ± 2,71) mestiças (Santa Inês) em procedimentos seriados por oito semanas consecutivas e avaliados os aspectos clínicos, os achados de patologia clínica, o peso das amostras hepáticas, a qualidade histológica, o número de veias cent...

  16. Nutritional management to improve sheep and goat performances in semiarid regions Manejo nutricional para melhorar o desempenho de ovinos e caprinos em regiões semiáridas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hichem Ben Salem

    2010-07-01

    Full Text Available Small ruminant production is the main source of income of farmers living in arid and semiarid regions. Sheep and goats raised in these areas are generally confronted with severe nutritional deficits during food scarcity period which exacerbate disease and health problems and consequently low productive and reproductive performances. These areas are characterized by rainfall seasonality and scarcity resulting in a low fodder potential. Therefore, native rangelands are degrading due to overgrazing, high stocking rates and mismanagement. Options to improve small ruminant-based production systems include i innovative technologies targeting the increase of feed resources availability, rumen manipulation using natural compounds to boost microbial activity, improving diets' quality, alleviation of feeding cost, and better control of livestock watering. Although this paper is focussing on the benefits from these technical options, we should bear in mind that i the organization of local institutions for better adoption of these technologies and for protecting the main natural resources (rangelands and water and ii the participatory approach involving all partners concerned with the improvement of farmer's income and livelihood are key tools for promoting livestock sector in the target areas. A set of simple, inexpensive and environmentally friendly options that could ameliorate small ruminant production in the semiarid regions are discussed in this paper.A produção de pequenos ruminantes é a principal fonte de renda dos agricultores que vivem em regiões áridas e semiáridas. Ovinos e caprinos criados nessas áreas geralmente enfrentam severas deficiências nutricionais durante o período de escassez de alimentos, que comprometem a sua saúde e, conseqüentemente, resultam em baixo desempenho produtivo e reprodutivo. Estas áreas são caracterizadas pela sazonalidade e escassez das chuvas, que resultam em baixo potencial forrageiro. Além disso, as

  17. Utilização do farelo de castanha de caju na terminação de ovinos em confinamento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigues Marcelo de Magalhães

    2003-01-01

    Full Text Available O trabalho foi conduzido com o objetivo de avaliar a utilização de concentrados contendo farelo de castanha de caju (FCC na alimentação de ovinos mantidos em confinamento. Foram testados quatro tipos de concentrados isoprotéicos contendo 0, 12, 24 e 36% de FCC, tendo o concentrado participado com 30% da matéria seca (MS da dieta total. Foram utilizados 32 ovinos sem raça definida (SRD, machos e fêmeas, em esquema fatorial 4 x 2 (quatro níveis de inclusão de FCC e dois sexos e quatro repetições. Foram avaliados ganho de peso e conversão alimentar, bem como os consumos de matéria seca (CMS, proteína bruta (CPB, extrato etéreo (CEE e fibra em detergente neutro (CFDN. Estas variáveis foram analisadas conforme o consumo em g/animal/dia, % do peso vivo (PV e g/UTM (PV0,75, tendo sido feita a análise de variância com teste de médias e estudo de regressão. Foram observadas diferenças no CMS, CPB e CEE de animais alimentados com dietas com 0 e 36% de FCC, com tendência de diminuição dos consumos de MS, PB e FDN, à medida que se aumentou o FCC na dieta. O consumo de EE elevou-se com a adição FCC às dietas. O ganho de peso e a conversão alimentar foram semelhantes para as quatro dietas fornecidas. Portanto, o FCC deve ser utilizado com um nível de inclusão de 24% do concentrado, não ultrapassando 6% de lipídios na dieta total.

  18. Digestibilidade da dieta, parâmetros ruminais e desempenho de ovinos Santa Inês alimentados com polpa cítrica peletizada e resíduo úmido de cervejaria Diet digestibility, ruminal parameters and performance of Santa Ines sheep fed dried citrus pulp and wet brewer grain

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Susana Gilaverte

    2011-03-01

    Full Text Available Dois experimentos foram realizados com o objetivo de avaliar o efeito da substituição do milho por polpa cítrica peletizada e resíduo úmido de cervejaria sobre a digestibilidade aparente dos nutrientes da dieta, os parâmetros ruminais e o desempenho de ovinos. As dietas foram definidas pela substituição do milho (controle pela polpa cítrica peletizada ou pela mistura de resíduo úmido de cervejaria e polpa cítrica. No experimento 1, para avaliação do consumo, da digestibilidade aparente dos nutrientes e dos parâmetros ruminais, foram utilizados 12 machos da raça Santa Inês canulados no rúmen, distribuídos em delineamento experimental de blocos completos casualisados, com três dietas e quatro repetições. No experimento 2, para avaliação do desempenho, foram confinadas 48 fêmeas, que foram alimentadas com as mesmas dietas do experimento 1. A substituição do milho pela polpa cítrica peletizada não influenciou o consumo nem a digestibilidade dos nutrientes da dieta, diferente da inclusão de resíduo úmido de cervejaria, que reduziu o consumo e a digestibilidade aparente dos nutrientes, com exceção apenas da FDN, cuja digestibilidade aparente foi similar entre as dietas. A inclusão de resíduo úmido de cervejaria na dieta reduziu as concentrações ruminais de acetato e propionato e aumentou a relação acetato/propionato e o pH ruminal. Em geral, não há diferença entre a dieta contendo milho e aquela contendo polpa cítrica em substituição total ao milho. A utilização de resíduo úmido de cervejaria, no entanto, reduz o ganho médio diário, o peso corporal final e a eficiência alimentar.Two experiments were carried out with the objective to determine the effect of replacing corn by dried citrus pulp and wet brewer grain on apparent digestibility of nutrients of the diet, ruminal parameters and performance of sheep. The diets were defined by the replacement of corn (control by dried citrus pulp or by a

  19. Genotipagem de polimorfismos no gene prnp em ovinos da raça Santa Inês no Estado de São Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Caio R. Santos

    2012-03-01

    Full Text Available Scrapie ou paraplexia enzoótica dos ovinos é uma doença neurodegenerativa fatal que acomete ovinos e raramente caprinos. A doença é influenciada por polimorfismos nos códons 136, 154 e 171 do gene prnp que codifica a proteína priônica. Os animais podem ser susceptíveis ou resistentes, de acordo com as sequências alélicas observadas nos referidos códons. No Brasil ocorreram apenas casos de animais que foram importados, sendo o país considerado livre da doença. Neste trabalho foi realizada a genotipagem dos diferentes polimorfismos associados ao desenvolvimento do scrapie e a categorização em animais susceptíveis e resistentes. Foram sequenciadas 118 amostras provenientes de ovinos da raça Santa Inês criados em propriedades localizadas no Estado de São Paulo. Destas amostras foram identificados 6 alelos e 11 genótipos (ARQ/ARQ, ARR/ARQ, ARQ/AHQ, ARQ/VRQ, AHQ/AHQ, ARR/ARR, ARR/AHQ, VRQ/VRQ, ARQ/TRQ, TRR/TRR, TRQ/TRQ, dentre os quais o genótipo ARQ/ARQ teve ocorrência de 56,7%. Em nosso estudo foi detectada a presença da tirosina no códon 136, observação rara na medida em que não existem relatos nacionais e internacionais envolvendo a raça Santa Inês descrevendo este polimorfismo. Com os resultados obtidos, foi possível determinar a existência de grande variabilidade genética relacionada à raça Santa Inês no Estado de São Paulo. Apesar da variabilidade, apenas 1,69% dos genótipos observados mostraram-se extremamente resistentes ao scrapie. Estes dados demonstram que a raça nativa Santa Inês pode ser considerada potencialmente susceptível ao scrapie.

  20. Intoxicação experimental com as folhas de Jatropha gossypifolia (Euphorbiaceae em ovinos Experimental poisoning by the leaves of Jatropha gossypifolia (Euphorbiaceae in sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Laura I. Oliveira

    2008-06-01

    Full Text Available As folhas recém-colhidas de Jatropha gossypifolia (Euphorbiaceae foram letais para ovinos em administrações únicas de 40g/kg. A dose de 5g/kg não causou sintomas de intoxicação; as doses intermediárias provocaram a morte de parte dos animais. A evolução da intoxicação foi de 6 a 22 dias. O quadro clínico-patológico nos ovinos experimentais era caracterizado por perturbações digestivas, pulmonares, cardíacas e ainda alterações regressivas leves somente evidenciadas através de exames histológicos, hepáticas e renais. Esses achados são semelhantes aos observados em experimentos com as sementes de Jatropha curcas em caprinos, ovinos e bezerros, e com os com os frutos e as folhas de Jatropha glauca e Jatropha aceroides em caprinos, realizados por outros autores. Estas comparações indicam que, independentemente das espécies, as folhas de Jatropha spp. devem conter compostos semelhantes aos encontrados nas sementes.Fresh green leaves of Jatropha gossypifolia (Euphorbiaceae were lethal for sheep in single administrations of 40g/kg. The dose of 5g/kg did not cause poisoning, but intermediate doses caused death in part of the animals. The clinical course of poisoning was 6 to 22 days. The clinic and pathological picture in the experimental sheep was characterized by digestive, lung and heart disturbances, and also by slight microscopic liver and renal regressive alterations. These findings are similar to those observed in experiments with the seeds of Jatropha curcas in goats, sheep and calves, and with the fruits and leaves of Jatropha glauca and Jatropha aceroides in goats, performed by other authors. A comparison indicates that, independently of the plant species, the leaves of Jatropha spp. contain toxic compounds similar to those found in the seeds.

  1. Utilização de implantes de melatonina em ovinos

    OpenAIRE

    2006-01-01

    A sazonalidade reprodutiva é uma característica adaptativa que se desenvolveu ao longo de milhões de anos, a fim de ajustar os momentos em que as necessidades energéticas dos animais são máximas.

  2. INSEMINAÇÃO TRANSCERVICAL COM SÊMEN CONGELADO EM OVINOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Inês Lenz Souza

    1994-12-01

    Full Text Available O presente experimento teve por finalidade verificar o efeito na prenhez de diferentes técnicas de inseminação cervical com sêmen congelado, em 234 ovelhas Corriedale, em cio natural. Utilizou-se sêmen congelado em peletes de três carneiros Suffolk e um Corriedale. Cento e trinta e seis ovelhas foram inseminadas por via cervical, com (60 e sem (76 tração cervical. Como grupo controle, noventa e oito ovelhas foram submetidas à inseminação laparoscópica. Para a análise do índice de prenhez, verificado através da ecografia, os graus de penetração foram classificados em cervical superficial e profundo. Considerando-se todas as ovelhas submetidas à inseminação cervical, obteve-se resultados de prenhez de 44,19% e 32,26%, respectivamente para maior e menor profundidade de deposição. A inseminação cervical sem tração resultou em 28,95% de prenhez, o que é estatisticamente inferior aos resultados observados por laparoscopia (57,14%; p < 0,001 e similares aos obtidos com tração cervical (45,00%. No entanto, a percentagem de prenhez foi semelhante entre a inseminação por tração cervical e laparoscópica. Os resultados são indicativos de que a inseminação com tração cervical proporciona resultados de prenhez análogos aos obtidos com a laparoscopia.

  3. Intake, apparent nutrient digestibility and ingestive behavior of sheep fed cashew nut meal Consumo, digestibilidade aparente dos nutrientes e comportamento ingestivo em ovinos alimentados com farelo de castanha de caju

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Guimarães Pimentel

    2011-05-01

    ão-fibrosos e nutrientes digestíveis totais não foram influenciados pela adição de FCC, contudo o consumo de fibra em detergente neutro (FDN, fibra em detergente ácido e carboidratos totais apresentaram comportamento quadrático com o aumento no teor de lipídeos da ração. A digestibilidade aparente da MS, matéria orgânica, proteína bruta, FDN, fibra em detergente ácido e carboidratos não fibrosos não foi influenciada pela adição de FCC nas rações, contudo as digestibilidades do extrato etéreo e dos carboidratos totais apresentaram comportamentos quadrático e linear, respectivamente. Não foram observadas diferenças significativas no tempo despendido com alimentação e ruminação, no entanto, o tempo de mastigação total foi influenciado, apresentando comportamento linear crescente com os níveis de FCC. As eficiências de alimentação e ruminação não foram influenciadas pelo aumento no teor de lipídeos das rações, no que se refere aos consumos de MS e FDN por hora. O tempo de mastigação merícica por bolo ruminal, o número de bolos ruminados e o número de mastigações merícicas por dia não foram influenciados pelas rações experimentais. No manejo alimentar de ovinos, caso haja disponibilidade, recomenda-se como alternativa alimentar a utilização de no máximo 30% de FCC na ração concentrada.

  4. Degradabilidade ruminal da matéria seca e proteína bruta, e tempo de colonização microbiana de oleaginosas, utilizadas na alimentação de ovinos=Ruminal degradability of dry matter and crude protein, and microbial colonization time of oil grains in sheep feeding.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Euclides Reuter de Oliveira

    2011-10-01

    Full Text Available Avaliou-se a degradabilidade in situ, dos grãos de linhaça, canola, colza e milho, caroço de algodão, e dos concentrados casca e farelo de soja, em ovinos. Foram utilizados três animais da raça Santa Inês, fistulados e providos de cânulas ruminais, mantidos em baias individuais, recebendo diariamente capim picado e ração concentrada. Os alimentos foram incubados em ordem decrescente de 72, 48, 24, 18, 6, 3 e 0h. O teor de proteína dos alimentos avaliados foram 34,77; 30,07; 23,70; 10,64; 26,12; 14,65 e 56,90% para canola, colza, linhaça, milho, caroço de algodão, casca de soja e farelo de soja, respectivamente. A canola e a colza apresentaram baixa degradabilidade efetiva para a MS, com valor médio de 33,68%. O grão de linhaça apresentou degradabilidade efetiva para a MS de 64,24%, com fração potencialmente degradável de 87,89%. O milho apresentou fração solúvel de 12,33% e uma degradação de 39,67% para a MS. O farelo de soja apresentou-se dentro dos parâmetros normais de degradação com 52,61% para a MS e 52,83% para PB. Para a linhaça, canola e colza a degradabilidade da proteína apresentou valor médio de 18,34%. Os grãos de avaliados apresentaram baixa degradabilidade efetiva para a matéria seca e proteína bruta.This study evaluated in situ ruminal degradability of grains of linseed, canola, rapeseed and corn, whole cottonseed, as well as soybean hulls and soybean meal, in sheep. Three Santa Inês sheep were fistulated and fitted with rumen cannulas. The animals were housed in individual stalls, receiving chopped grass and concentrated feed daily. Feeds were incubated in descending order of 72, 48, 24, 18, 6, 3 and 0h. Protein content was 34.77% for canola, 30.07% for rapeseed, 23.70% for linseed, 10.64% for corn, 26.12% for cottonseed, 14.65% for soybean hulls, and 56.90% for soybean meal. Canola and rapeseed showed low effective degradability of DM, with mean value of 33.68%. Linseed grain had DM

  5. Anthelmintic effects of condensed tannins on Trichostrongylus colubriformis in experimentally infected sheep Efeito anti-helmíntico de taninos condensados sobre Trichostrongylus colubriformis em ovinos experimentalmente infectados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alessandro Francisco Talamine do Amarante

    2010-12-01

    Full Text Available Recent surveys have identified anthelmintic effects from many bioactive substances particularly from condensed tannin (CT sources. The aims of the present study were to investigate the potential anthelmintic effects of condensed tannins (CT on Trichostrongylus colubriformis in experimentally infected sheep and the nutritional consequences on animals. Twenty helminth-free lambs were divided into five groups of four animals. Groups I to IV were artificially infected with 6,000 third stage larvae (L3 of T. colubriformis. Group I was the infected control and group V was the uninfected control. Twenty-eight days post-infection (p. i. lambs from GII were supplemented with tanniniferous sorghum (350 g/animal/day, during seven days; GIII were drenched with Acacia mearnsii extract (15% CT for just one day and GIV during two days (1.6 g extract/kg BW. At day 36 p. i., animals from infected group (GI to GIV were slaughtered. Faecal egg counts (FEC values present a reduction on GII when compared with GI at day 29 p. i. (P 0.05. No difference was related on total worm burden between treatments; however, GIV presented lower number of females than GI (P O objetivo principal deste trabalho foi avaliar o potencial efeito anti-helmíntico dos taninos condensados sobre Trichostrongylus colubriformis em ovinos experimentalmente infectados e as conseqüências nutricionais destes produtos sobre os animais. Vinte ovinos livres de infecção parasitária foram divididos em cinco grupos de quatro animais. Os grupos GI a GIV foram experimentalmente infectados com 6000 larvas infectantes (L3 de T. colubriformis. O GI foi mantido como controle infectado e o GV como controle não infectado. Vinte e oito dias pós-infecção (p.i. os animais foram tratados com fontes de taninos condensados (TC: o GII suplementado com 350 g de sorgo taninífero, durante sete dias; os grupos GIII e GIV receberam extrato de Acacia mearnsii (1,6 g de extrato/kg de peso vivo, durante um ou dois

  6. Sheep poisoning by Panicum dichotomiflorum in northeastern Brazil Intoxicação por Panicum dicotomiflorum em ovinos na região nordeste

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Franklin Riet-Correa

    2009-01-01

    Full Text Available Different species of Panicum, including P. dichotomiflorum,have been reported as a cause of photosensitization in sheep, horses, cattle and goats. An outbreak of hepatogenous photosensitization occurred in 3 flocks of hair sheep in the Brazilian semiarid region. Eighty one out of 365 sheep were affected and 39 died. The main affected animals were nursing lambs and sheep younger than one year old. Donkeys, goats and cattle grazing in the same pasture were not affected. Clinical signs were edema of the head, followed by dermatitis, mainly in the face, ears, and croup, ocular discharge, corneal opacity with blindness, and redness of the coronary band and hoof. At necropsy of one affected lamb the liver was yellowish. Upon histologic examination scattered necrotic hepatocytes were observed in the liver and focal areas of necrosis of myocytes appeared in the heart. Samples of P. dicotomiflorum were analyzed by TLC and those containing saponins were isolated by HPLC using RP-C18 column and eluted with a mixture of MeOH and H2O. The isolated compounds were submitted to ¹H and 13C NMR spectroscopy. Reactions were positive to furostanol saponins with the same Rf of the standard protodioscin (0.21 and methylprotodioscin (0.32. The spectroscopic results indicated a mixture of (25R- and (25S-protodioscin isomers in a proportion of 3:1, and methylprotodioscin.Diferentes espécies de Panicum, incluindo P. dichotomiflorum,causam fotossensibilização em ovinos, eqüinos, bovinos e caprinos. Um surto de fotossensibilização hepatógena ocorreu em 3 rebanhos de ovinos no município de Casa Nova, Bahia. Oitenta e um de 365 ovinos adoeceram e 39 morreram. Cordeiros lactentes e ovinos de menos de um ano foram mais afetados. Jumentos, cabras e bovinos que permaneciam nas mesmas pastagens não foram afetados. Clinicamente observou-se edema da face, seguido por dermatite, principalmente da face, orelhas e garupa, corrimento ocular, opacidade da córnea com cegueira

  7. Infecção por leptospiras em ovinos e caracterização da resposta inflamatória renal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sônia Maria de Carvalho

    2011-08-01

    Full Text Available As Leptospiroses são zoonoses graves de distribuição mundial que afetam o homem e outros animais. A infecção em animais, geralmente, é inaparente, ou os sintomas quando presentes são similares a outras infecções. Neste estudo foram colhidos soros de 119 ovinos e seus respectivos rins durante abate em feiras livres no município de Teresina-Piauí. Pela técnica de soroaglutinação microscópica (SAM obtiveram-se 34 amostras sorológicas positivas para um ou mais sorovares de Leptospira spp., com taxa de ocorrência de 28,6% de anticorpos anti-leptospiras, sendo 23 casos de infecção para um único sorovar e 11 com coaglutinações para dois ou mais sorovares. Dentre os sorovares patogênicos, o de maior ocorrência foi o Autumnalis (29,4%. A análise histopatológica de 36 fragmentos de rins revelou alterações túbulo intersticiais em 33 (91,7% animais soro-reagentes. Lesões tubulares foram observadas em 20 (55,5% animais soro-reagentes. A presença de leptospiras, pela técnica de Warthin Starry, foi observada em 8 (22,20% amostras positivas. Pela técnica de imunoperixidase, de 20 casos analisados, foi verificada a presença de leptospira em 12 (60% de 20 amostras positivas. Nos animais soro-reagentes, o infiltrado inflamatório foi significantemente mais evidente na região córtico-medular e cortical do que na região medular (p=0,000, mas não houve diferença entre animais soro-reagentes e soro não-reagentes. Cilindros hialinos nos túbulos proximais estavam presentes em quantidade significantemente maior nos animais soro-reagentes comparados aos não-reagentes (p=0,0001. Em glomérulos, foi observada lesão discreta. Os resultados deste estudo mostram que ovinos soro-reagentes para leptospiras apresentam lesões renais túbulo intersticiais, com presença de leptospiras nos túbulos, o que confere a esses animais a condição de disseminadores da infecção.

  8. FREQÜÊNCIA DE AGLUTININAS ANTI-Brucella abortus EM CAPRINOS E OVINOS DO SERTÃO DO ESTADO DE PERNAMBUCO, BRASIL FREQUENCY OF ANTI-Brucella abortus AGGLUTININS IN GOATS AND sheep OF THE “SERTÃO” (BACKLANDS OF THE STATE OF PERNAMBUCO, BRAZIL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vânia Lúcia de Assis Santana

    2008-12-01

    Full Text Available Objetivou-se investigar a freqüência de aglutininas anti-Brucella abortus em caprinos e ovinos do Sertão do Estado de Pernambuco, Brasil. Foram processadas 700 amostras de soros sangüíneos, das quais 340 eram da espécie caprina (115 machos e 225 fêmeas e 360 (136 machos e 224 fêmeas ovina. Empregou-se a técnica do antígeno acidificado tamponado (AAT corado com rosa bengala (RB. Das 340 amostras de caprinos avaliadas, duas (0,6% foram reagentes ao AAT. Não se observaram associações significativas para as variáveis faixa etária (p= 0,430, raça (p= 0,936 e sexo (p= 0,562. Das 360 amostras de ovinos, nove (2,5% foram reagentes. Também não houve associação significativa entre as variáveis analisadas e a soropositividade para brucelose: faixa etária (p= 0,522; raça (p= 0,576 e sexo (p= 0,461. Verificou-se associação significativa (p= 0,042 entre as espécies estudadas e soropositividade para brucelose nos animais investigados. A soropositividade para Brucella abortus em caprinos e ovinos foi descrita pela primeira vez no Sertão de Pernambuco, fato que pode dificultar o sucesso do Programa Nacional de Controle e Erradicação da Brucelose, tendo em vista que nessa região é comum a criação consorciada de pequenos ruminantes com bovinos, além de representar riscos à Saúde Pública.

    PALAVRAS-CHAVES: Brucelose, ovinos, caprinos, pequenos ruminantes, sorodiagnóstico. The objective was to investigate the frequency of anti-Brucella abortus agglutinins in goats and sheep of the backlands of the State of Pernambuco, Brazil. 700 samples of sanguine serums were processed, of which 340 were of the goat (115 males and 225 females and 360 (136 males and 224 females sheep. The technique of the Tamponed Acidified Antigen (AAT dyed with Bengalese Rose (BR was used. Of the 340 samples of goat evaluated two (0.6% were reactive to AAT. Significant associations were not observed for the variable age group (p = 0.430; race (p = 0

  9. Caracterização epidemiológica e fatores de risco associados à leptospirose em ovinos deslanados do semiárido brasileiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Clebert J. Alves

    2012-06-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo determinar a prevalência de rebanhos ovinos positivos (focos e de animais soropositivos para leptospirose na região semiárida do Estado da Paraíba, bem como identificar fatores de risco. Foram colhidas amostras de sangue de 1.275 animais procedentes de 117 rebanhos em 19 municípios da mesorregião do Sertão, Estado da Paraíba. Para o diagnóstico sorológico da leptospirose foi utilizado o teste de soroaglutinação microscópica (SAM, com 24 sorovares de Leptospira spp. como antígenos. Um rebanho foi considerado positivo quando apresentou pelo menos um animal soropositivo. Das 117 propriedades utilizadas 33 (28,20% apresentaram pelo menos um animal soropositivo, e dos 1.275 animais 69 (5,41% foram soropositivos, com títulos variando de 100 a 3200. O sorovares reagentes foram Autumnalis (49,30%, Andamana (27,53%, Sentot (17,39%, Whitcomb (4,34% e Australis (1,44%. Possuir mais de 48 animais no rebanho (odds ratio = 2,26; IC 95% = 1,33 -5,07; p = 0,021 e participação em exposições (odds ratio = 9,05; IC 95% = 0,96 - 85,71; p = 0,055 foram identificados como fatores de risco. Sugere-se a necessidade de estudos acerca do isolamento do agente, da caracterização de sua patogenicidade e do seu impacto econômico nos rebanhos ovinos da região, bem como recomenda-se maior controle sanitário nas aglomerações de animais.

  10. Caracterização epidemiológica e fatores de risco associados à infecção por Chlamydophila abortus em ovinos deslanados do semiárido brasileiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Areano E.M. Farias

    2013-03-01

    Full Text Available O objetivo do presente trabalho foi determinar as prevalências de propriedades positivas e animais soropositivos para Chlamydophila abortus em ovinos deslanados da região semiárida do Nordeste do Brasil, bem como identificar fatores de risco. Foram colhidas amostras de sangue de 476 ovinos procedentes de 72 propriedades em 14 municípios na mesorregião do Sertão, Estado da Paraíba. Para o diagnóstico sorológico da infecção por Chlamydophila abortus foi utilizada a reação de fixação de complemento (RFC. Uma propriedade foi considerada positiva quando apresentou pelo menos um animal soropositivo. Das 72 propriedades usadas 38 (52,8% apresentaram pelo menos um animal soropositivo, e dos 476 animais 94 (19,7% foram soropositivos. Participação em exposições (odds ratio =4,31; IC 95% =1,80-10,35; p=0,011 foi identificada como fator de risco. Sugere-se que a infecção por Chlamydophila abortus encontra-se disseminada em ovinos da região, e baseando-se na análise de fatores de risco, recomenda-se o controle sanitário nas exposições de animais.

  11. Intoxicação experimental em ovinos com Ramaria flavo-brunnescens congelada ou dessecada Experimental poisoning in sheep with frozen or dried Ramaria flavo-brunnescens

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eliza S.V. Sallis

    2004-06-01

    Full Text Available Ramaria flavo-brunnescens é um cogumelo tóxico para bovinos e ovinos. Seu princípio ativo é desconhecido. Este experimento foi realizado para obter informações sobre a toxicidade do cogumelo após congelamento ou dessecação. R.. flavo-brunnescens foi coletada no outono de 1991. Uma parte foi congelada a -15°C por 2-4 meses e a outra foi secada à sombra, em temperatura ambiente. Outras amostras coletadas no mesmo período foram administradas imediatamente após a coleta a dois ovinos na dose total de 200 g/kg/dia durante 3 e 4 dias causando sinais clínicos acentuados de intoxicação. O cogumelo dessecado não causou sinais clínicos em ovinos nas doses totais de 60 e 75 g/kg de peso vivo (equivalente a 400 e 500 g/kg de cogumelo fresco. O cogumelo congelado, na dose total de 200 g/kg de peso vivo, causou hipertermia, depressão, hiperemia da esclera e hemorragias na câmera anterior do olho. Ovinos que ingeriram 350 e 400 g/kg de peso vivo, apresentaram também sinais nervosos e, com a dose mais elevada, lesões hiperêmicas no rodete coronário. Todos animais recuperaram-se em 3 a 12 dias. Os sinais clínicos nessa espécie com o cogumelo congelado, foram menos intensos que os sinais clínicos induzidos pelo cogumelo fresco. Estes resultados demonstram uma perda da toxicidade do cogumelo dessecado e uma diminuição da toxicidade quando congelado. Isto sugere que as pesquisas sobre o princípio ativo de Ramaria flavo-brunnescens podem ser realizadas com o cogumelo congelado ou liofilizado.Ramaria flavo-brunnescens is a toxic mushroom affecting cattle and sheep. Its active principle is unknown. The experiment was done to obtain information about the toxicity of the mushroom after been frozen or dried. R. flavo-brunnescens was collected in autumn 1991. One part was frozen at -15°C for 2-4 months, and another was dried in the shade. Other samples collected at the same time were given immediately after harvest to two sheep, at a total

  12. Avaliação da silagem de bagaço de laranja com diferentes aditivos por intermédio dos parâmetros de fermentação ruminal de ovinos e contribuição energética dos ácidos graxos voláteis Evaluation of orange peel silage with different additives by rumen fermentation parameters and energy contribution from volatile fatty acids

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luís Carlos Vinhas Ítavo

    2000-10-01

    Full Text Available O bagaço de laranja, com aditivo enzimático microbiano, ácidos fórmico e acético, ensilado por 70 dias, em tubos de concreto com capacidade de 700 kg, foi avaliado por intermédio dos parâmetros de fermentação ruminal, em ensaio experimental realizado com ovinos, machos, alojados em gaiolas metabólicas. O alimento fornecido foi feno de aveia (70% e silagem de bagaço de laranja (30%, com base na MS. O fluido ruminal foi coletado por sonda esofagiana nos tempos 2, 5 e 8 horas após o fornecimento do alimento e antes da alimentação, tomado como tempo zero (0. Foram avaliados pH, N amoniacal, ácidos graxos voláteis (acético, propiônico e butírico e contribuição energética desses ácidos em kcal. Não houve diferença entre os tratamentos para os parâmetros avaliados. As equações de regressão apresentaram comportamento quadrático para todas as características estudadas e as médias dos parâmetros foram: pH, 6,97; N amoniacal, 6,78 mg/100 mL de fluido ruminal e dos AGV; e acético, propiônico e butírico, 45,99; 11,16; e 5,50 mM/mL de fluido ruminal, respectivamente. Os aditivos não alteraram o valor nutricional do alimento, quando avaliados os parâmetros de fermentação ruminais. Entretanto, para a produção de AGV, houve melhor eficiência de transformação (kcal de AGV/kcal de glicose, 72,92% para o tratamento sem aditivo (controle.The orange peel with enzymatic microbial additive, formic or acetic acids was ensiled for 70 days, in concrete tubes with 700 kg of volume capacity, was evaluated by rumen fermentation parameters in a experimental trial using males sheep, housed in metabolic cages. The used diet was oat hay (70% and orange silage (30% on DM base. The ruminal fluid was collected with esophageal tube at 2, 5 and 8 hours after, and before feeding that was taken as zero time (0. The pH, N ammonia, volatile fatty acids (acetic, propionic and butyric and the energy contribution of these acid in kcal were

  13. Avaliações clínico-patológicas e laboratoriais da intoxicação experimental por monofluoroacetato de sódio em ovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tiago C. Peixoto

    2010-12-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi verificar se a administração de doses únicas e de frações diárias da dose letal de monofluoroacetato de sódio (MF a ovinos induzem a clássica degeneração hidrópico-vacuolar (DHV dos túbulos uriníferos contornados distais observada no rim de bovinos intoxicados por plantas brasileiras que causam "morte súbita" (PBCMS. MF foi administrado, por via oral, em doses únicas de 0,5 e 1,0mg/kg, cada dose para dois ovinos, e em doses subletais repetidas diariamente de 0,1mg/kg/dia, por quatro dias, e 0,2mg/kg/dia por seis dias, cada dose para um ovino. Todos os ovinos que receberam MF morreram, exceto um que recebeu 0,5mg/kg e não mostrou sintomas. A evolução da intoxicação variou de 3min a 33h5min. Clinicamente os animais apresentaram taquicardia, respiração abdominal, tremores musculares, ligeira perda de equilíbrio, por vezes cambaleavam, deitavam e apoiavam a cabeça no flanco. Na fase final, os ovinos caíam em decúbito lateral, esticavam os membros, faziam movimentos de pedalagem, apresentavam opistótono e morriam. O exame ecocardiográfico evidenciou dilatação cardíaca e redução da fração de encurtamento sistólico. A análise dos níveis séricos de uréia e creatinina revelou moderada a acentuada azotemia. MF provocou "morte súbita" em todos os ovinos que mostraram sintomas. À necropsia verificaram-se aurículas e veias jugulares, cavas, ázigos e pulmonares moderadamente ingurgitadas e, em alguns animais, edema pulmonar. O exame histopatológico revelou, em todos os ovinos, leve a acentuada DHV das células epiteliais dos túbulos contornados distais, associada à picnose nuclear. Adicionalmente, verificaram-se discreta vacuolização e, por vezes, necrose de coagulação de hepatócitos. Não encontramos referências a esse tipo peculiar de lesão, exceto das descrições sobre lesões renais associadas à ingestão de PBCMS e de recentes estudos em bovinos intoxicados com MF. Este

  14. Efeito da adição de glutationa na função e estresse oxidativo em sêmen ovino criopreservado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eduardo Gualtieri de Andrade Perez

    2012-08-01

    Full Text Available Os ácidos graxos poli-insaturados garantem fluidez à membrana plasmática do espermatozoide. No entanto, as duplas ligações presentes, os tornam mais susceptíveis aos efeitos nocivos da peroxidação lipídica. A adição do antioxidante Glutationa reduzida (GSH poderia conferir proteção aos espermatozoides de ovinos submetidos à congelação contra os graves danos causados pelo estresse oxidativo. O objetivo do presente experimento foi avaliar se a GSH protege os espermatozoides ovinos criopreservados contra danos causados pelo estresse oxidativo. Foram colhidos ejaculados de quatro carneiros adultos. As análises convencionais foram: concentração, motilidade, vigor e morfologia. As análises funcionais foram: integridade de membrana, integridade acrossomal, integridade de cromatina e atividade mitocondrial. O sêmen foi criopreservado utilizando o diluidor Tris-gema-critrato, suplementado com GSH (controle, 1, 5 e 10 mM. As amostras foram submetidas ao protocolo de peroxidação lipídica induzida e subsequente quantificação das substâncias reativas ao ácido tiobarbitúrico (TBARS. As análises estatísticas foram realizadas utilizando o Sistema SAS para Windows. Não houve efeito do tratamento com GSH sobre as variáveis avaliadas pelos testes convencionais. A GSH diminuiu a proporção de acrossomas íntegros. Amostras tratadas com 5mM de GSH apresentaram menor percentual de células com membranas íntegras quando comparadas às amostras controle e aquelas tratadas com 10 mM; o percentual de células sem atividade mitocondrial foi influenciado pela GSH e também não houve efeito nas TBARS. As amostras do grupo controle foram mais susceptíveis à denaturação da cromatina. Em conclusão, a adição do antioxidante Glutationa reduzida confere proteção ao DNA e à atividade mitocondrial de espermatozoides de ovinos.

  15. Pastoreio de curta duração com ovinos em caatinga raleada no sertão cearense Short duration grazing with sheep on a thinned caatinga in the sertão of Ceará

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nilzemary Lima da Silva

    1999-01-01

    Full Text Available A pesquisa foi conduzida em Sobral, Ceará, no período de janeiro de 1992 a julho de 1994 e objetivou determinar o desempenho produtivo de ovinos, produção de forragem e características fitossociológicas do estrato herbáceo da caatinga raleada submetida à adubação orgânica e pastoreio de curta duração, com duas taxas de lotação. Foram testadas as cargas de 3,3 (leve e 10 cab/ha (pesada, com (5 t/ha de esterco de caprinos e sem adubação orgânica. Utilizou-se um delineamento inteiramente casualizado distribuído em um fatorial 2x 2 x 3 (carga animal x adubação x ano, com duas repetições. O pastejo de ovinos resultou no desaparecimento total das gramíneas e no aumento das dicotiledôneas herbáceas no período estudado. A adubação orgânica não mostrou efeitos significantes (P>0,05 quanto à performance animal e das pastagens. O melhor desempenho animal (PThe experiment was carried out in Sobral, Ceará, Brazil, from January 1992 to July 1994, with the objective of determining the productive performance of lambs, forage production, and frequency of the species of the herbaceous layer of a thinned caatinga, under organic fertilization and short duration grazing, with two stocking rates. The stocking rates were 3.3 (light and 10.0 heads/ha (heavy, with (5.0 ton/ha of goat manure and without fertilization. A complete randomized design was followed, with a factorial distribution of 2 x 2 x 3 (stocking rate x fertilization x year, with two repetitions. Sheep grazing resulted in total disapearing of the grass species and an increasing of the forbs, along the period of study. The organic fertilization did not show significant effects (P>0.05 on the animal and pasture performances. The best animal performance (P<0.01 was observed on the padocks under light stocking rate (3.3 head/ha, with 108.0 g/head/day, and the best performance (P<0.01 of the pasture was obtained on the areas under heavy stocking rate (10 head/ha, with 71.2 kg

  16. Intoxicação por Mascagnia rigida (Malpighiaceae em ovinos e caprinos Poisoning by Mascagnia rigida (Malpighiaceae in sheep and goats

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jackson S. de Vasconcelos

    2008-10-01

    Full Text Available Mascagnia rigida é a planta tóxica mais importante para bovinos na região Nordeste, causando morte súbita associada ao exercício. O presente trabalho teve como objetivos descrever três surtos de intoxicação por M. rigida em ovinos e um surto em caprinos no semi-árido da Paraíba, reproduzir experimentalmente a intoxicação em ovinos e caprinos, e comprovar a passagem do princípio ativo de M. rigida pelo colostro destes pequenos ruminantes. Os surtos ocorreram no início do período chuvoso, quando a planta brota antes do que outras forrageiras ou após o final desse período, quando após secarem algumas forrageiras, M. rigida permanece verde. Na reprodução experimental da intoxicação por M. rigida, doses de 10 e 20g/kg de peso animal, com as planta proveniente de duas regiões diferentes, foram letais para três caprinos e três ovinos. Um caprino que ingeriu 20g/kg da planta um ovino que ingeriu 10g/kg, se recuperaram. Dois ovinos e dois caprinos que ingeriram 5g/kg tiveram sinais discretos e se recuperaram. Tanto os casos experimentais quanto os espontâneos apresentaram ingurgitamento das veias jugulares, relutância em caminhar, decúbito externo abdominal, incoordenação, respiração ofegante, depressão, instabilidade e tremores musculares. A morte ocorreu após um curso clínico de alguns minutos a 27h40 min. As principais lesões foram edema pulmonar e vacuolização e necrose de células epiteliais dos túbulos renais. Para testar se o princípio ativo de M. rigida é eliminado pelo leite causando morte súbita nas crias foi realizado um experimento com duas cabras e cinco ovelhas que ingeriram, diariamente, 2g/kg de M. rigida, nos 15 dias anteriores ao parto. Uma ovelha que tinha gestação gemelar abortou depois de ter ingerido a planta por 10 dias. Os cordeiros das demais ovelhas mamaram normalmente o colostro sem aprestar sinais clínicos. O cabrito de uma cabra mamou o colostro e 5 minutos após morreu subitamente

  17. Intoxicação espontânea e experimental por folhas e frutos de Erythroxylum deciduum (cocão em ovinos no Estado de Santa Catarina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    V. Borelli

    2011-03-01

    Full Text Available Descreve-se uma enfermidade em ovinos de ocorrência sazonal, caracterizada por manifestações nervosas e morte rápida, nos municípios de Rancho Queimado e Ponte Alta do Sul, no estado de Santa Catarina. A doença foi reproduzida experimentalmente em ovinos com a administração de folhas de Erythroxylum deciduum coletados durante o verão, com doses letais a partir de 10g/kg de peso vivo. Em um único experimento com os frutos a dose de 15g/kg foi letal. O início da manifestação dos sinais clínicos, ocorreu entre 0 e 2 horas após a administração das folhas ou dos frutos e a evolução da doença foi de 10 minutos a 18 horas. Doses de até 20g/kg de folhas coletadas no período de inverno, produziram alterações clínicas discretas em dois ovinos. Os sinais clínicos foram depressão, sonolência e, quando os animais eram movimentados, incoordenação motora, desequilíbrio, quedas, dificuldade para se levantar e estação com os membros abertos. Também foi observado: salivação intensa, regurgitação, bruxismo, aumento das frequências cardíaca e respiratória. Os sinais clínicos se agravavam quando os animais eram movimentados e geralmente resultavam em morte. Os animais que morreram pelas intoxicações espontânea e experimental, não tinham alterações macroscópicas e microscópicas significativas. O corte das árvores de E. deciduum faz com que o tronco rebrote, favorecendo a ingestão da planta pelos ovinos. Este fato e a disponibilidade de frutos maduros que caem ao chão podem ser responsabilizados pela doença de ovinos com sinais nervosos e ausência de lesões macroscópicas e microscópicas, que ocorrem nos meses de verão, no Estado de Santa Catarina.

  18. Consumo e digestibilidade em ovinos alimentados com grãos e subprodutos da canola Intake and digestibility of sheep fed grains and by-products of canola

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Priscila Silva Neubern de Oliveira

    2009-03-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar a inclusão de 8% de grãos e subprodutos da canola (farelo ou torta nas dietas sobre o consumo e a digestibilidade. Seis ovinos machos não-castrados da raça Santa Inês (210 e 240 dias de idade e peso corporal de 44,8 + 4,2kg receberam dietas contendo 40% de feno de capim Tifton e 60% de concentrado composto por milho em grão, farelo de soja, mistura mineral, além de canola em grão integral, farelo de canola e torta de canola, que constituíram os três tratamentos. Não houve diferença (P>0,05 para o consumo de matéria seca (MS, matéria orgânica (MO, extrato etéreo (EE, energia bruta (EB, fibra em detergente neutro (FDN, carboidratos totais (CT e carboidratos não-fibrosos (CNF entre as dietas experimentais, no ensaio de digestibilidade. Não houve efeito (P>0,05 de tratamento para a digestibilidade de MS, MO, EE, PB, EB, FDN, CT e CNF. Recomenda-se incluir até 8% de grãos e subprodutos da canola (farelo ou torta na dieta de ovinos.The effect of feeding 8% of grains and byproducts (meal or cake of canola on intake and digestibility was evaluated. Six non castrated Santa Ines sheep (from 210 to 240 days old and body weight of 44.8 + 4.2kg were fed diets composed by 40% of Tifton hay and 60% of concentrate based on corn grain, soybean meal, whole grain canola, canola meal, canola cake and mineral mixture. No differences on the intakes of dry matter (DM, organic matter (OM, ether extract (EE, gross energy (GE, neutral detergent fiber (NDF, total carbohydrates (TC and non fiber carbohydrate (NFC were observed among treatments, in the digestibility trial. No treatment effect on the digestibilities of DM, OM, EE, CP, GE, NDF, TC and NFC was observed. It is recommended to include up to 8% of grains and byproducts (meal or cake of canola in the sheep diet.

  19. Desempenho de ovinos terminados em confinamento com resíduo desidratado de vitivinícolas associado a diferentes fontes energéticas Performance of sheep in feedlot termination fed with dried grapes residue diets associated with different energy sources

    OpenAIRE

    Daerson Dantas Barroso; Gherman Garcia Leal de Araújo; Divan Soares da Silva; Severino Gonzaga Neto; Fernando Thomaz Medina

    2006-01-01

    Foram avaliados os efeitos de dietas combinando o resíduo de vitivinícolas a diferentes fontes energéticas sobre consumo, ganho de peso diário e conversão alimentar em ovinos terminados em confinamento. Foram utilizados 18 ovinos sem padrão racial definido, não castrados, com idade aproximada de sete meses e peso vivo médio inicial de 23,0kg, distribuídos num delineamento em blocos casualizados, com três tratamentos e seis repetições. O período experimental constou de 63 dias, sendo as dietas...

  20. Intoxicação por closantel em ovinos e caprinos no Estado de Santa Catarina Poisoning by closantel in sheep and goats in the State of Santa Catarina, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Henrique Furlan

    2009-01-01

    Full Text Available Descrevem-se dois surtos de intoxicação por clo-santel, um em ovinos e outro em caprinos, no Estado de San-ta Catarina. No primeiro surto, de 12 ovinos que adoeceram 5 apresentaram cegueira, desses três morreram (Ovinos 1-3 e dois (Ovinos 4 e 5 foram eutanasiados, 6 meses após ficarem cegos. No segundo surto, de 26 caprinos que adoeceram, seis animais sobreviveram, porém ficaram cegos, e um deles foi eutanasiado. Clinicamente os animais apresentavam depressão, ataxia, incoordenação motora e reflexo pupilar diminuído a ausente. Em alguns animais esse quadro evoluiu para cegueira bilateral com ausência de reflexo de ameaça e midríase bilateral irresponsiva. Ao exame oftálmico verificou-se atrofia dos vasos da retina e hiperreflexia. Pelo exame histológico observou-se edema mielínico levando a status spongiosus no sistema nervoso central e neuropatia compressiva no nervo óptico, acompanhada de degeneração e/ou atrofia da retina. O objetivo deste trabalho é descrever os aspectos epidemiológicos, clínicos e patológicos da intoxicação por closantel em ovinos e caprinos.Two outbreaks of closantel overdosage in sheep and goat flocks are described. In the first outbreak 12 sheep were affected, 5 of them showed blindness, three sheep died (Sheep 1-3 and two were euthanized 6 months after the onset of clinical manifestation (Sheep 4 and 5. In the second outbreak 26 goats were affected, from which six survived despite blindness and one was euthanized. Clinically the animals showed depression, ataxia, motor incoordination, decreased or absent pupil reflexes. In some animals this clinical picture developed to bilateral blindness, with no reaction to threat and bilateral irresponsive midriasis. In the ophthalmic examination retinal vessel atrophy and hyperreflexia were observed. The histological examination showed myelin edema leading to status spongiosus in the central nervous system and compressive neuropathy of the optic nerve

  1. Efeito da tosquia na temperatura corpórea e outros parâmetros clínicos em ovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Claudio N. Mendes

    2013-06-01

    Full Text Available Os objetivos deste estudo foram determinar a variação da temperatura após a tosquia de ovinos em condição ambiental quente e seca e comparar as mudanças de temperatura com variações de frequências cardíaca e respiratória, movimentos ruminais e estado de hidratação. Vinte ovelhas Suffolk não tosquiadas foram estudadas. O exame físico foi realizado em todos os animais três vezes ao dia às 7:00, 1:00 PM e 7:00 PM, durante 42 dias (22 dias antes do corte e 20 dias após o corte. A temperatura da superfície corporal foi medida pelo termómetro de infravermelho sobre vários pontos. Os dados foram submetidos à análise de variância, para comparações entre os grupos (tosquiado x não tosquiado em cada tempo, e a diferença significativa foi avaliada em nível de P<0,05 pelo teste de Tukey. A frequência respiratória foi estatisticamente significativa em todos os horários de cólera (P<0,05. Quando a umidade do ar estava alta, as freqüências respiratórias foram baixas (P= -1. O estresse térmico foi claro em ovinos deste estudo, refletindo mudanças acentuadas nas frequências cardíaca e respiratória e temperatura retal. A frequência respiratória foi o parâmetro mais confiável para estabelecer um quadro de estresse térmico em ovelhas não tosquiadas, com valores em média de três vezes maior do que os relatados na literatura. A correlação entre as temperaturas de superfície corpórea com a temperatura ambiente e umidade do ar foi negativa, explicado pelo efeito de isolamento de lã, ou seja, mesmo com um aumento da temperatura ambiente e umidade, a temperatura do corpo tende a manter um equilíbrio de compensação. Nos animais tosquiados, a correlação entre a temperatura da pele com a temperatura ambiente e umidade do ar mostraram que a temperatura da pele aumenta quando aumenta a temperatura ambiente. O aumento da temperatura ambiente não afeta a temperatura do corpo dos animais não tosquiados devido ao efeito

  2. Spontaneous poisoning by larvae of Perreyia flavipes (Pergidae in sheep Intoxicação espontânea por larvas de Perreyia flavipes (Pergidae em ovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Djeison Lutier Raymundo

    2008-01-01

    Full Text Available From a flock of 175 Texel sheep 25 animals died after consumption of a sawfly larvae subsequently identified as Perreyia flavipes. The disease occurred in June-July 2006 on a farm located in the county of Encruzilhada do Sul, Rio Grande do Sul, Brazil. Although there were 11 cattle in the same paddock, none of them was affected. High numbers of compact masses containing up to 150 larvae were scattered in the paddock where the animals were grazing. Most affected sheep showed severe apathy during 24-36 h before death, but weakness, muscular tremors and depression were also observed. Necropsy was performed on six sheep and the main macroscopic lesions were hemorrhages in the subcutaneous tissues, endocardium, gallbladder wall, and abomasal mucosa. In all animals was found hydrothorax, hydropericardium, ascites, and mild jaundice. Edema in the abomasal folds, mesentery, perirenal tissues, and gallbladder wall were also seen. The livers were yellowish with disseminated pinpoint hemorrhages in the parenchyma and had an enhanced lobular pattern. Perreyia flavipes larval body fragments and heads were found in the forestomach contents of the six sheep. Feces were scant, dry and formed balls coated by mucus and streaks of blood. Similar contents were also present at the end of the cecum. Prominent microscopic lesions included severe and diffuse periacinar or massive necrosis of hepatocytes associated with multifocal random hemorrhages. Diffuse necrosis of lymphoid follicles in lymph nodes and Peyer's patches, lymphoid depletion and necrosis in germinative centers of the spleen, and diffuse vacuolization in the renal tubular epithelia were also seen.Vinte e cinco ovinos Texel de um rebanho de 175 morreram após ingerirem larvas posteriormente identificadas como Perreyia flavipes. A doença ocorreu em Junho e Julho de 2006, em uma propriedade localizada em Encruzilhada do Sul, Rio Grande do Sul. Embora houvesse também 11 bovinos no mesmo potreiro, nenhum

  3. Ocorrência de pneumonia associada à infecção por Mannheimia haemolytica em ovinos de Minas Gerais Occurrence of pneumonia associated to infection by Mannheimia haemolytica in sheep of Minas Gerais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marina Rios de Araújo

    2009-09-01

    Full Text Available O trabalho descreve um surto de pneumonia em ovinos em uma propriedade na região central de Minas Gerais. Clinicamente os animais apresentavam apatia, mostravam dificuldade respiratória durante dois ou três dias ou morriam subitamente. À necropsia as alterações pulmonares eram similares em todos os ovinos. Havia consolidação dos lobos craniais e da parte ventral dos lobos caudais e ao corte fluía exsudato mucopurulento da traquéia e dos brônquios. No parênquima dos lobos craniais havia áreas brancas multifocais a coalescentes com 0,2-0,5cm de diâmetro, levemente proeminentes e intercaladas por áreas vermelho-escuras. Pleurite fibrinosa foi observada nos Ovinos 1, 2 e 3. As lesões de consolidação ocupavam cerca de 70-80% da extensão pulmonar. Microscopicamente, as alterações eram de broncopneumonia fibrinopurulenta com intensa hiperemia, áreas com hemorragia intra-alveolar e espessamento dos septos interlobulares por inúmeros neutrófilos, restos celulares e intensa exsudação de fibrina. Áreas multifocais com necrose de liquefação contendo numerosas colônias bacterianas foram observadas no Ovino 3. Nos lobos craniais dos Ovinos 1, 2 e 3, haviam áreas com neutrófilos degenerados formando aglomerados de células alongadas com formato de "grãos de aveia" associados a colônias bacterianas. As alterações histológicas foram características de pneumonia causada por Mannheimia (M. haemolytica. Amostras dos lobos craniais de todos os ovinos foram encaminhadas para cultivo bacteriológico e M. haemolytica foi isolada e identificada em todos os animais. Este é o primeiro relato correlacionando os achados patológicos e o isolamento de M. haemolytica como causa de broncopneumonia em ovinos no Brasil.This paper describes an outbreak of pneumonia in a sheep herd in the central region of Minas Gerais, Brazil. Clinically, the animals presented apathy, exhibited respiratory difficulty during 2 to 3 days or sudden death. The

  4. Composição corporal e exigências líquidas proteicas de ovinos Santa Inês em crescimento Body composition and net protein requirements for growing Santa Inês sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Gilson Louzada Regadas Filho

    2011-06-01

    Full Text Available Avaliou-se o efeito de diferentes níveis de energia metabolizável na dieta sobre a composição corporal e as exigências de proteína líquida de 24 ovinos Santa Inês em crescimento, não-castrados, com idade e peso corporal médio de 50 dias e 13,00 ± 0,56 kg. Após um período de adaptação de 10 dias, quatro animais foram abatidos para serem utilizados como referência para as estimativas do peso do corpo vazio (PCVZ e da composição corporal inicial dos demais. Os animais remanescentes foram distribuídos em um delineamento em blocos casualizados com rações contendo diferentes níveis de energia metabolizável (2,08; 2,28; 2,47 e 2,69 Mcal/kg MS e proteína bruta (12,74; 14,36; 15,97 e 17,65% PB na MS com cinco repetições. A excreção diária de N foi estimada extrapolando-se a equação de regressão de consumo de N (g/kg PC0,75/dia em função da retenção de N (g/kg PC0,75/dia para o consumo zero. A derivada da equação de regressão do logaritmo do conteúdo de proteína em função do logaritmo do PCVZ dos animais permitiu a estimativa da exigência proteica líquida para ganho de peso de corpo vazio (GPCVZ. A excreção diária de N foi estimada em 277 ± 0.05 mg/kg PC0,75/dia e a exigência de proteína líquida para mantença em 1,73 g/kg PC0,75/dia. O conteúdo de proteína no PCVZ dos animais diminui de 157,83 para 144,33 g/kg PCVZ quando o peso corporal aumentou de 15 para 30 kg, respectivamente. A quantidade de proteína depositada no ganho diminuiu de 137,47 para 125,71 g/kg GPCVZ com o aumento do peso corporal de 15 para 30 kg, respectivamente. A excreção fecal de nitrogênio e exigência líquida de proteína para mantença de ovinos Santa Inês em crescimento foi inferior ao preconizado pelos principais sistemas de avaliação de alimentos e exigências nutricionais para pequenos ruminantes.This study evaluated the effect of different dietary levels of metabolizable energy on the body composition and net

  5. Efeito dos níveis de concentrado sobre o desempenho de ovinos Morada Nova em confinamento Effect of concentrate level on performance of feedlot Morada Nova sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Geovergue Rodrigues de Medeiros

    2007-08-01

    Full Text Available Avaliaram-se o desempenho e a digestibilidade dos nutrientes em 32 ovinos Morada Nova, castrados, em confinamento alimentados com dietas contendo 20, 40, 60 e 80% de concentrado. Os animais tinham 8,11 ± 1,15 meses de idade, peso inicial de 19,67 ± 2,97 kg e peso ao abate de 30,0 kg. Utilizou-se delineamento experimental em blocos casualizados, com quatro tratamentos e oito repetições. Houve efeito linear decrescente dos níveis de concentrado sobre o número de dias em confinamento, que variou de 123,37 a 52,50 para as dietas com 20 e 80% de concentrado. O consumo diário de MS aumentou linearmente com a redução da proporção volumoso:concentrado, que variou de 0,925 a 1,124 kg. O ganho de peso, a conversão e a eficiência alimentar melhoraram com aumento do nível de concentrado na dieta. Os consumos de MO, PB, EE, NDT, EM, carboidratos totais (CT e carboidratos não-fibrosos (CNF elevaram, enquanto os de FDN e FDA decresceram com a inclusão do concentrado. Os coeficientes de digestibilidade de MS, MO e dos CT foram crescentes, enquanto a digestibilidade do EE e dos CNF sofreram efeito quadrático e as digestibilidades de PB, FDN e FDA não foram influenciadas pelo aumento de concentrado na dieta. Níveis de concentrado acima de 60% elevaram os ganhos de peso e anteciparam a idade ao abate dos ovinos Morada Nova. Dietas com níveis superiores a 40% de concentrado melhoraram os índices de digestibilidade aparente dos nutrientes. A raça Morada Nova tem potencial para produção de carne em confinamento.The objective of this trial was to evaluate performance and nutrient intake and digestibility in feedlot Morada Nova hair sheep fed increasing levels of dietary concentrate. Thirty-two castratated Morada Nova sheep averaging 8.11 ± 1.15 months of age and 19.67 ± 2.97 kg of body weight (BW at the beginning of the study were used in this trial. Animals were slaughtered with 30.0 kg of BW and fed diets with the following concentrate

  6. Fotossensibilização em ovinos associada à ingestão de Brachiaria brizantha no estado do Pará Photosensitization of sheep kept on Brachiaria brizantha pasture in the state of Pará

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tatiane Teles Albernaz

    2010-09-01

    Full Text Available Foram estudados dois surtos e realizado um experimento de fotossensibilização associada à ingestão por Brachiaria brizantha em ovinos mestiços de Santa Inês e Dorper, com idade variando de dois a três meses, em uma fazenda no município de Santa Luzia do Pará. Esses animais foram mantidos desde o nascimento até aproximadamente dois meses de idade, em apriscos suspensos do chão, recebendo capim-elefante roxo (Pennisetum purpureum cv. roxo, concentrado, sal mineral e água ad libitum. Após esse período foram introduzidos em um piquete de B. brizantha. Na ocasião dos surtos e do experimento a fazenda foi visitada para observação dos dados epidemiológicos, avaliação clínica dos animais, colheita de amostras de sangue para dosagem de GGT, AST, BD, BI, BT, ureia e creatinina e colheita de pastagem para pesquisa de Pithomyces chartarum e saponinas. Também foi realizada necropsia com colheita de material para estudo histológico. O surto 01 ocorreu na época de escassez de chuva, com taxa de morbidade e letalidade de 43,4% e 81,6%, respectivamente. O surto 02 aconteceu no início da época chuvosa, com taxas de morbidade e letalidade de 16,3% e 76,9%, respectivamente. Em ambos os surtos o capim encontrava-se com massa residual reduzida e senescente. Dos 50 animais do experimento, 10 receberam 200ml de fluido ruminal retirado de ovelhas mães do mesmo lote, a primeira administração foi feita um dia antes da introdução desses animais na pastagem, e mais duas subsequentes com intervalo de uma semana. Após 15 dias de pastejo, os animais começaram a apresentar inquietação, procura por sombra, edema nas orelhas, mucosas amareladas, apatia, anorexia e desprendimento da pele seguido por formação de crostas em algumas áreas do corpo. Tanto os animais dos surtos quanto do experimento apresentaram aumento nos níveis de GGT, AST, BD, BI, BT, ureia e creatinina. Os valores de ureia e GGT dos animais que receberam fluido ruminal e dos

  7. Malformações congênitas em ruminantes no semiárido do Nordeste Brasileiro Congenital malformations in ruminants in the semiarid of the Brazilian Northeast

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antônio Flávio M Dantas

    2010-10-01

    Full Text Available Malformações congênitas causadas pela ingestão de Mimosa tenuiflora têm sido observadas em ruminantes no semiárido do Nordeste Brasileiro. Neste trabalho foram estudadas as malformações congênitas em ruminantes diagnosticadas entre 2000 e 2008, em municípios da Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte. Durante o período foram recebidos 1.347 materiais de ruminantes para diagnóstico, desses 47 (3,48% foram dignosticados como malformações congênitas. Com base no tipo de malformação e na procedência do animal as malformações foram divididas em: 1 causadas pelo consumo de M. tenuiflora; e 2 malformações esporádicas, sem causa conhecida. De 418 materiais de ovinos, 21 corresponderam a malformações, sendo 18 (4,3% do total de materiais de malformações causadas por M. tenuiflora e 3 (0,71% de malformações esporádicas. De 434 materiais de bovinos, 14 foram diagnosticados como malformações, sendo 8 (1,84% causadas por M. tenuiflora e 6 (1,38% malformações esporádicas. De 495 materiais de caprinos, 12 apresentaram malformações, sendo 9 (1,81% causadas pela ingestão de M. tenuiflora e 3 (0,6% malformações esporádicas. As principais malformações causadas por M. tenuiflora foram artrogripose, micrognatia, palatosquise, microftalmia e hipoplasia ou aplasia unilateral ou bilateral dos ossos incisivos. As malformações esporádicas incluiram: acefalia e hermafroditismo, dicefalia e malformações de vasos intestinais em ovinos; atresia anal em três caprinos; e hidranencefalia, atresia anal, malformações de costelas com eventração, hipoplasia cerebelar e hidrocefalia, coristoma pulmonar e meningocele, e gêmeos siameses em bovinos. O caso de hipoplasia cerebelar com hidrocefalia foi negativo pela imuno-histoquímica para o vírus da diarreia viral bovina. Malformações congênitas causadas por M. tenuiflora ocorreram durante todo o ano. A maior frequência em ovinos está aparentemente associada ao consumo da

  8. Intoxicação experimental por Ipomoea asarifolia (Convolvulaceae em caprinos e ovinos Experimental poisoning by Ipomoea asarifolia (Convolvulaceae in goats and sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José A.S. Araújo

    2008-10-01

    Full Text Available Ipomoea asarifolia causa uma síndrome tremorgênica em ovinos, caprinos, bovinos e búfalos. Este experimento teve como objetivos determinar a toxicidade para caprinos de I. asarifolia verde, colhidas nas épocas de chuva e de estiagem, e da planta seca triturada, determinar a toxicidade da planta para ovinos, e determinar se o princípio ativo da planta é eliminado pelo leite em doses tóxicas para os cordeiros. No primeiro experimento a planta fresca colhida na época de estiagem e na época de chuvas foi administrada a 16 caprinos. A planta colhida na estiagem foi tóxica na dose diária de 5 e 10g por kg de peso animal (g/kg. A planta colhida na época de chuva foi tóxica na dose diária de 20 e 30g/kg, demonstrando que a planta é mais tóxica durante o período seco. A planta seca, colhida na época de estiagem foi administrada a 9 caprinos em doses diárias de 1.7, 2, 3.4 e 5.1g/kg. Doses de 3, 4 e 5.1g/kg causaram sinais clínicos, demonstrando que a planta mantém a toxicidade após a secagem. A planta fresca colhida na época de estiagem e na época de chuvas foi administrada a 10 ovinos. A planta colhida na estiagem foi tóxica na dose diária de 5g/kg e na época de chuva foi tóxica nas doses de 10 e 20g/kg. Estes resultados sugerem a maior susceptibilidade dos ovinos à intoxicação do que os caprinos. Como alguns produtores mencionam que cordeiros lactentes que não estão pastando se intoxicam através do leite, I. asarifolia foi administrada diariamente nas doses de 2.5, 5 e 10g/kg a 5 ovelhas, a partir do dia do parto (2 ovelhas, do último dia de prenhez (1 ovelha e 60 dias antes da parição (2 ovelhas. As ovelhas, mas não os cordeiros, apresentaram sinais clínicos, sugerindo que o princípio ativo da planta não é eliminado no leite ou colostro em doses tóxicas para os cordeiros. Em um ovino eutanasiado não foram observadas lesões macroscópicas nem histológicas. Os achados ultra-estruturais mais significativos

  9. Malformações, abortos e mortalidade embrionária em ovinos causada pela ingestão de Mimosa tenuiflora (Leguminosae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Rômulo Soares dos Santos

    2012-11-01

    Full Text Available Para determinar a teratogenicidade de Mimosa tenuiflora, 15 ovelhas, distribuídas em dois grupos, foram introduzidos em área invadida pela planta. O Grupo 1, com seis ovelhas prenhes, foi introduzido na área experimental 20 dias após o acasalamento. O Grupo 2, formado por nove ovelhas não prenhes e um carneiro, foi introduzido na área experimental no início do experimento. O experimento começou no mês de outubro de 2009, período de estiagem, quando M. tenuiflora estava sementando. Nesse período as plantas foram rebaixadas a 40 cm de altura e os galhos com folhas e sementes foram disponibilizados para os ovinos na mesma área onde M. tenuiflora foi rebaixada. M. tenuiflora começou a rebrotar ainda na estação seca antes do período de chuvas. No período de rebrota, as ovelhas ficavam livres para pastar M. tenuiflora e recebiam concentrado em quantidade equivalente a 1% do peso vivo. Após as primeiras chuvas, em meados de janeiro do ano seguinte, quando o estrato herbáceo apareceu, essas ovelhas foram confinadas em baias, onde M. tenuiflora foi fornecida até o fim do experimento. A cada 15 dias eram realizados exames ultrassonográficos para acompanhamento da gestação. No Grupo 1, três ovelhas abortaram, cada uma um feto sem malformações. Outra ovelha pariu dois cordeiros, um com hiperflexão na articulação inter-falangeana proximal no membro torácico direito e outro sem malformações. Outra ovelha pariu um cordeiro com hiperflexão dos dois membros pélvicos na região da articulação tarso-metatársica. No grupo formado pelas ovelhas que foram acasaladas na área experimental, uma ovelha abortou um feto sem malformações e cinco pariram cordeiros normais. Três das ovelhas desse grupo não emprenharam durante todo o período experimental, mostrando retornos repetidos ao cio, sugerindo perda embrionária. Trinta e duas ovelhas e um carneiro, que permaneceram numa área vizinha a área experimental e foram utilizados

  10. Pigmentation of the viscera and carcasses (chromatosis in sheep in the Brazilian northeastern region Pigmentação das vísceras e carcaças (cromatose em ovinos na região Nordeste do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciano da Anunciação Pimentel

    2013-02-01

    Full Text Available We report exogenous pigmentation in sheep grazing in native pastures in northeastern Brazil. The sheep carcasses from a farm were condemned at the slaughterhouse due to pigmentation of the carcasses and viscera. In visits to the farm, bluish-purple pigmentation of the mucosa was observed in the sheep. In two necropsied sheep, a bluish-purple pigment was observed in the skin, subcutaneous tissue, fat, muscles, cartilage, bones, serous membranes of the forestomachs, kidneys, adrenal glands, and the mucosa of the uterus, urinary bladder, urethra, vagina, trachea, bronchi, and bronchioles. Some bone surfaces, the intima of large arteries, tendons, muscle insertions, and ligaments had a yellow-brown or light brown pigment. However, the pigment was not observed upon histologic examination of tissues, suggesting that the pigmentation is caused by a plant. Two plants, Rhamnidium molle and Pereskia bahiensis, were fed to experimental sheep and rabbits, but did not cause pigmentation.Descreve-se pigmentação exógena em ovinos, pastejando numa área de pastagem nativa da região nordeste do Brasil. Os ovinos de uma fazenda, destinados ao abate, tiveram as carcaças rejeitadas pelo frigorífico em virtude da pigmentação apresentada nos tecidos. Em visitas à fazenda, foi observada pigmentação azul-violeta nas mucosas de ovelhas. Em dois ovinos necropsiados, pigmento azul-violeta foi observado na pele, tecido subcutâneo, gordura, músculos, cartilagens, ossos, serosa dos pré-estômagos, rins, glândulas adrenais, mucosa do útero, bexiga urinária, uretra, vagina, traqueia, brônquios e bronquíolos. Algumas superfícies ósseas, íntima de grandes artérias, tendões, inserções musculares e ligamentos tinham pigmento castanho-amarelo ou castanho claro. No entanto, o pigmento não foi observado nos tecidos após processamento para o exame histológico, o que sugere que a pigmentação é causada por uma substância exógena, provavelmente presente

  11. Composição química e digestibilidade em ovinos da grama estrela ensilada com diferentes aditivos Chemical composition and digestibility in sheep of stargrass ensiled with different additives

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valter Harry Bumbieris Junior

    2009-10-01

    Full Text Available Objetivou-se com o estudo avaliar a composição química e a digestibilidade aparente em ovinos da grama estrela ensilada com diferentes aditivos. Os aditivos empregados foram o enzimo-bacteriano (em duas concentrações e a uréia (10 kg/tonelada, totalizando quatro tratamentos. Para o experimento de digestibilidade, foram utilizados quatro ovinos machos castrados distribuídos em delineamento quadrado latino (4x4. Em relação à composição química, as variáveis MS, PB, EE, FDA e LIG apresentaram diferença (PThe purpose of this study was to evaluate the chemical composition and apparent digestiblity in sheep of stargrass ensilaged with different additives. The additives used were enzyme-bacterial inoculent (in two concentrations and urea (10 kg/ton, totalling 4 treatments. For the digestability experiment, four male sheep were distributed in a (4x4 latin square design. With respect to chemical composition, the variables; dry matter, crude protein, ether extract, acid detergent fiber, and lignin showed statistical difference (P<0,05 among the obtained values. However, neutral detergent fiber showed no difference among treatments. Concerning buffering capacity and pH, the lowest values were for silages treated with inoculents. No treatment effects (inoculent or urea application for dry matter, crude protein, or neutral detergent fiber digestibility of stargrass silages were detected.

  12. Comportamento ingestivo e desempenho de ovinos em pastagem de azevém anual (Lolium multiflorum Lam. com diferentes massas de forragem Ingestive behaviour and performance of sheep grazing Italian ryegrass (Lolium multiflorum Lam. pasture with different herbage masses

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliano Roman

    2007-08-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar o comportamento ingestivo e o desempenho de ovinos em pastagem de azevém anual (Lolium multiflorum Lam. sob pastejo contínuo e com diferentes massas de forragem: baixa: 1.000 a 1.200 kg/ha MS; intermediária: 1.400 a 1.600 kg/ha MS; alta = 1.800 a 2.000 kg/ha MS. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado com três tratamentos e duas repetições de área. Os dados foram submetidos à análise de regressão polinomial em função das massas de forragem observadas nas unidades experimentais: 1.136,8; 1.190,9; 1.359,2; 1.375; 1.556 e 1.739,1 kg/ha MS. Os valores de massa de lâminas foliares e de pseudocolmo, de oferta de forragem e de lâminas foliares, de altura de dossel e de pseudocolmo, de profundidade de lâminas foliares e de ganho médio diário ajustaram-se ao modelo linear de regressão, relacionando-se positivamente com a massa de forragem. Os valores de taxa de lotação e de taxa de bocados diminuíram linearmente com o aumento da massa de forragem. O consumo de forragem, os tempos de pastejo, de ruminação e de ócio, o número diário de bocados, a massa de bocado, o ganho de escore de condição corporal, o ganho de peso vivo por área e a eficiência de conversão de forragem em peso vivo foram similares entre as massas de forragem avaliadas. As amplitudes de massas de forragem avaliadas não promovem diferenças no ganho de peso vivo por hectare, pois proporcionaram similar eficiência de transformação da forragem em produto animal. O principal fator determinante do desempenho individual dos animais é a profundidade da camada de lâminas foliares.The objective of this trial was to evaluate ingestive behaviour and performance of sheep grazing Italian ryegrass (Lolium multiflorum Lam. pasture with different herbage mass (HM: low HM: 1,000 - 1,200 kg/ha of DM (LHM; medium HM: 1,400-1,600 kg/ha DM (MHM; high HM 1,800-2,000 kg/ha DM (HHM. A completely randomized design with three treatments and

  13. Biomassa e atividades microbianas em solo sob pastagem com diferentes lotações de ovinos Biomass and microbial activity in pasture soil under different sheep grazing pressure

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Martha Regina Lucizano Garcia

    2007-04-01

    Full Text Available Os efeitos da lotação de animais na produção de ovinos têm sido bastante estudados. No entanto, informações sobre seus efeitos na biomassa e nas atividades microbianas e, em conseqüência, na fertilidade do solo de pastagens são escassas. Neste trabalho, os efeitos da lotação de ovinos (LO na biomassa e nas atividades microbianas responsáveis pela transformação dos compostos do C e N em solo de clima subtropical foram avaliados. As amostras de solo foram coletadas nas camadas de 0-10 e 10-20 cm de pastos com baixa LO (5 animais ha-1, alta LO (40-50 animais ha-1 e com ausência de animais, em um delineamento inteiramente casualizado em parcelas subdivididas, com seis repetições. Os maiores valores de biomassa microbiana e das atividades respiratória, nitrificante e enzimática (urease e protease foram encontrados nos solos dos pastos com baixa LO. Estes pastos também acumularam as maiores quantidades de matéria orgânica e N total. Essas variáveis foram reduzidas nos pastos sem animais ou com alta LO. Vegetação descontínua e intensa mineralização podem ter acarretado a diminuição dessas variáveis nos pastos com alta LO. Alta correlação foi obtida entre matéria orgânica, C orgânico e N total com as quantidades de biomassa microbiana e a atividade enzimática. A camada de 0-10 cm apresentou valores maiores das variáveis estudadas do que os encontrados na camada de 10-20 cm.The effect of grazing pressure in sheep production has been studied, but not in relation to soil microbiological parameters or the consequences on soil fertility. The effect of grazing pressure (GP by sheep on biomass and microbial activity related to C and N compounds cycling in subtropical region soil was studied. Soil samples were collected from the 0-10 cm and 10-20 cm layers in pastures with low GP (5 animals ha-1, high GP (40-50 animals ha-1 and in absence of animals, in a completely randomized design with 6 replicates. The highest values

  14. Composição química e degradabilidade in situ da ração em ovinos em área de caatinga no sertão de Pernambuco Chemical composition and in situ digestibility of diets for sheep in the caatinga region

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gladston Rafael de Arruda Santos

    2009-02-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar o efeito do tipo de fístula e da hora de coleta sobre a composição química e a degradabilidade in situ da ração em ovinos criados na caatinga. Foram utilizados dez ovinos mestiços de Santa Inês (cinco com cânula no rúmen e cinco com cânula no esôfago recebendo água e mistura mineral ad libitum. Os percentuais de matéria seca (MS variaram de 11,99 a 25,28%, matéria mineral (MM, 10,92 a 14,44%, proteína bruta (PB, 10,64 a 17,19%, extrato etéreo (EE, 2,95 a 4,77%, fibra em detergente neutro (FDN, 54,83 a 63,14%, fibra em detergente ácido (FDA, 39,40 a 46,62%, proteína insolúvel em detergente neutro (PIDN, 49,74 a 57,95%, proteína insolúvel em detergente ácido (PIDA, 28,52 a 39,15%, carboidratos totais (CT, 65,40 a 72,73%, carboidratos não-fibrosos (CNF, 5,47 a 12,86%, fenóis totais (FT, 0,37 a 0,52%, taninos totais (TT, 0,16 a 0,28% e taninos condensados (TC, 1,28 a 6,24%, respectivamente. A degradabilidade potencial variou de 48,25 a 64,63% para MS; 36,43 a 54,34% para FDN; e de 62,13 a 77,24% para proteína; a fração B, de 35,77 a 47,78% para MS; 33,28 a 50,38% para FDN; e 35,44 a 56,09% para proteína; a fração C, de 4,60 a 13,40% para MS; 3,84 a 8,42% para FDN; e 5,37 a 14,36% para proteína; a fração A, 9,74 a 18,13% para MS; 2,16 a 4,41% para FDN; e 20,21 a 31,49% para proteína; a degradabilidade efetiva para a taxa de passagem de 2%/hora, de 43,28 a 55,71 para MS; 29,21 a 36,54 para FDN; 55,84 a 67,49 para proteína; e a degradabilidade efetiva para a taxa de passagem de 5%/hora, de 37,60 a 47,27 para MS; 23,02 a 33,33 para FDN; e 45,74 a 59,99 para proteína. A composição química e a degradabilidade in situ da ração em ovinos foi influenciada pelo mês de avaliação. A dieta apresentou baixa digestibilidade in situ da MS, FDN e PB. A fistula ruminal, em comparação à fistula de esôfago, permitiu melhor avaliação da dieta, em virtude da recuperação total da extrusa.This work

  15. Health management practices and disease prevalence in dairy sheep systems in Argentina Práticas de manejo sanitário e frequência de doenças em ovinos leiteiros na Argentina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Victor H. Suárez

    2009-11-01

    studies.Foi realizado um levantamento longitudinal em 19 fazendas de ovinos leiteiros na Argentina com o objetivo de conhecer práticas de manejo, medidas sanitárias e ocorrência e freqüência das enfermidades. O levantamento incluiu 40% de todas as fazendas do país que produzem leite ovino. Um questionário foi utilizado com entrevistas pessoais com os ovinocultores durante visita às fazendas. A percentagem de fazendas que relataram vacinação rotineira contra clostridioses, ectima contagioso, pneumonia e administração parenteral de minerais e vitaminas foi 63%, 47,3%, 16,6% e 42,1%, respectivamente. Parte dos produtores (37,5% realizava tratamento regularmente contra piolhos e 89,5% contra nematódeos gastrintestinais. O número médio de tratamentos anti-helmínticos anuais, por fazenda, era de 2,26+1,78. Em 68,4% dos rebanhos leiteiros o Califórnia Mastite Teste (CMT era regularmente realizado e 55,6% dos produtores colhiam amostras de seus rebanhos uma vez por ano para diagnóstico de Brucella ovis. Durante o período de pré-acasalamento 68,4% e 50% dos produtores examinavam clinicamente seus carneiros e a condição geral e de dentes de suas ovelhas. O úbere das ovelhas era geralmente inspecionado no início da ordenha. Os principais problemas parasitários eram nematódeos gastrintestinais (mencionado por 57,9% dos produtores, piolhos (57,9% e sarna (10,5% e as doenças infecciosas mais frequentes foram ectima contagioso (73,7%, pneumonia e outros problemas respiratórios (57,9%, mastite clínica (55,6%, clostridioses (36,9% e laminite (35,2%. Fotossensibilização (47,4% e acidose ruminal (42,1% foram relatadas como as principais desordens tóxicas ou metabólicas. Na visão dos produtores, a expectativa de vida produtiva ou o tempo de produção de leite por ovelha era de 4,5+1,4 anos. A mortalidade perinatal foi de 8,5% e a taxa de mortalidade total do rebanho, depois das primeiras 24 horas de vida, foi de 6,9%. As altas taxas de mortalidade de

  16. Sinais clínicos e ocorrência de anticorpos anti-Chlamydophila abortus em ovinos de São Paulo e Minas Gerais Clinical signs and occurrence of antibodies anti-Chlamydophila abortus in ovines of São Paulo and Minas Gerais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodolfo Santos Rossi

    2012-11-01

    Full Text Available A Chlamydophila abortusi, anteriormente conhecida como Chlamydia psittaci sovovar 1, é uma bactéria Gram negativa, intracelular obrigatória. Esse micro-organismo é frequentemente encontrado em distúrbios reprodutivos em ovinos, bovinos e caprinos, sendo o aborto epizoótico dos bovinos e o aborto enzoótico dos ovinos e caprinos as manifestações mais importantes. Considerando-se o pouco material literário a respeito da clamidofilose no Brasil, a pesquisa teve como objetivo determinar a presença de anticorpos fixadores de complemento anti-Chlamydophila abortusi, correlacionando os resultados obtidos com achados no exame clínico e histórico dos animais, além de alterações nos índices zootécnicos, em especial na esfera reprodutiva, tais como alto índice de repetição de cio, número elevado de abortamentos, elevado número de natimortos, entre outros. Foram testadas para prova de fixação do complemento 220 amostras de soro de ovinos, de 26 propriedades, distribuídas em 19 municípios, com relato de manifestação reprodutiva, obtendo-se 19,55% (43/220 de testes positivos para Chlamydophila abortusi, com ocorrência de foco constatada de 61,53%. No geral, a titulação de anticorpos encontrada foi baixa, com título não superior a 64. A frequência de manifestação reprodutiva mais observada foi o aborto, representando 65,12% (28/43 do número total de animais soropositivos, seguido de repetição de cio juntamente com nascimento de cordeiro fraco, com frequência de 6,98% (3/43 e, por fim, morte neonatal com 4,65% (2/43, sendo que não houve associação significativa entre animais que foram positivos ao teste e a esses fatores.The Chlamydophila abortusi was previously known as Chlamydia psittaci sorovar 1, it is a Gram negative and obligate intracellular bacteria. This microorganism is frequently related with reproductive manifestation in ovines, goats and bovines. The major manifestation are Enzootic abortion in bovines and

  17. Estudo histopatológico comparativo em fígados de bovinos (Bos taurus L. e Bos indicus L.), bubalinos (Bubalus bubalis L.) e ovinos (Ovis aries L.) infectados por Fasciola hepatica (Linnaeus, 1758)

    OpenAIRE

    Bostelmann, Silvia Cristina Werle

    2013-01-01

    Este trabalho foi realizado com o objetivo de melhor identificar e estudar comparativamente as lesões histológicas do fígado decorrente da fasciolose hepática em três espécies de animais domésticos. Foram examinados fígados infectados por Fasciola hepatica de bovinos e bubalinos provenientes de matadouros e frigoríficos oficialmente inspecionados no Estado do Paraná e fígados de ovinos de propriedades particulares, onde o abate era realizado no local. O material foi processado pela técnica de...

  18. Botulismo em ruminantes causado pela ingestão de cama-de-frango Botulism in ruminants being fed with poultry litter

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco Carlos Faria Lobato

    2008-08-01

    Full Text Available Botulismo é uma intoxicação causada pela ingestão das toxinas produzidas pelo Clostridium botulinum, que acomete mamíferos e aves. Neste trabalho é descrito um surto de botulismo em ruminantes, ocorrido em duas propriedades localizadas no município de Patos, no Estado da Paraíba, Brasil. Em uma das propriedades, de um total de 88 bovinos, 85 (96,6% vieram a óbito. Na segunda, morreram 145 ovinos (96,7%, 233 caprinos (57,8% e 30 bovinos (96,8%. Os animais acometidos apresentavam paralisia progressiva, dificuldade de locomoção, sialorréia e dispnéia. A morte ocorreu entre 24 e 48 horas após o início dos sinais, por parada cardio-respiratória. Nenhuma alteração significativa foi observada no exame post-mortem. O diagnóstico de botulismo foi confirmado pela demonstração das toxinas C e D no conteúdo intestinal e na cama-de-frango utilizada na alimentação dos animais, pela técnica de soroneutralização em camundongos.Botulism is a poisoning caused by the ingestion of toxins produced by Clostridium botulinum, that infects mammals and birds. This article reports an outbreak of botulism in two different flocks of ruminants at Paraíba, Brazil. In one, 85 out of 88 (96.6% cattles died. In the other, 145 (96.7% sheeps, 233 (57.8% goats and 30 (96.8% cattles died. Clinical signs were progressive paralysis, difficulties in moving, sialorrhoe and dyspnoe. Death occurred 24 to 48 hours after the beginning of clinic signs and at post-mortem examination no noteable changes were observed. Type C and D toxins were demonstrated in the intestinal contents and poultry litter by neutralization test in mice.

  19. Modelos não lineares mistos em estudos de degradabilidade ruminal in situ

    OpenAIRE

    Simone Daniela Sartorio

    2012-01-01

    A principal fonte de proteína na nutrição dos ruminantes é a proteína de origem microbiana, sintetizada no processo fermentativo de degradação ruminal a partir de proteína dietética ou microbiana. Logo o conhecimento deste processo é de grande importância em estudos de avaliação de alimentos para estes animais. Modelos não lineares são amplamente utilizados nestes estudos, buscando estimar os parâmetros da cinética de degradação ruminal através de métodos clássicos de análise univariada. Como...

  20. Cinética ruminal da degradação de nutrientes da silagem de milho em ambiente ruminal inoculado com diferentes aditivos Ruminal degradation kinetics of corn silage in bulls inoculated with different additives in the rumen

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro Andrade Katsuki

    2006-12-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar a cinética ruminal da degradação de MS, PB e FDN da silagem de milho em ambiente ruminal inoculado com diferentes aditivos. Utilizou-se um delineamento em quadrado latino 4 x 4, com quatro bovinos holandeses e quatro períodos de incubação, em ambiente ruminal adaptado ou não com diferentes aditivos alimentares. Foram testados os seguintes tratamentos: SCL - silagem de milho em ambiente ruminal sem inoculação de aditivo; SBL - silagem de milho em ambiente ruminal inoculado com 5 g de produto comercial contendo bactérias ruminais e intestinais liofilizadas (Ruminobacter amylophilum: 3,0 x 10(11 ufc/kg; Fibrobacter succinogenes: 3,0 x 10(11 ufc/kg; Succinovibrio dextrinsolvens: 4,4 x 10(11 ufc/kg; Bacillus cereus: 3,5 x 10(11 ufc/kg; Lactobacillus acidophilus: 3,5 x 10(11 ufc/kg e Streptococcus faecium: 3,5 x 10(11 ufc/kg; SEC - silagem de milho em ambiente ruminal inoculado com 15 g de produto comercial contendo enzimas celulolíticas (xilanase 10%; e SMS - silagem de milho em ambiente ruminal inoculado com 3 g de produto comercial contendo monensina sódica. Os tratamentos SBL e SEC não afetaram a fração potencialmente degradável (b dos nutrientes avaliados da silagem de milho. A monensina sódica reduziu a fração (b da MS (51,01% e a degradabilidade potencial da silagem de milho (72,33%. Entre os aditivos estudados, a monensina sódica proporcionou a maior fração não-degradável da FDN (45,57%, reduzindo o desaparecimento desta fração a partir de 48 horas de incubação intra-ruminal. Os diferentes aditivos, nas concentrações estudadas, não proporcionaram melhora na degradabilidade efetiva da MS, PB e FDN da silagem de milho.Four bulls fitted with ruminal cannula were used in a 4 x 4 Latin square design to evaluate the effects of different ruminally inoculated additives on the degradation kinetics of DM, CP, and NDF of corn silage (CS. The treatments were: control CS incubated in rumen with no

  1. Degradabilidade ruminal da matéria seca e proteína bruta, e tempo de colonização microbiana de oleaginosas, utilizadas na alimentação de ovinos - doi: 10.4025/actascianimsci.v33i4.11388 Ruminal degradability of dry matter and crude protein, and microbial colonization time of oil grains in sheep feeding - doi: 10.4025/actascianimsci.v33i4.11388

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Euclides Reuter de Oliveira

    2011-09-01

    Full Text Available Avaliou-se a degradabilidade in situ, dos grãos de linhaça, canola, colza e milho, caroço de algodão, e dos concentrados casca e farelo de soja, em ovinos. Foram utilizados três animais da raça Santa Inês, fistulados e providos de cânulas ruminais, mantidos em baias individuais, recebendo diariamente capim picado e ração concentrada. Os alimentos foram incubados em ordem decrescente de 72, 48, 24, 18, 6, 3 e 0h. O teor de proteína dos alimentos avaliados foram 34,77; 30,07; 23,70; 10,64; 26,12; 14,65 e 56,90% para canola, colza, linhaça, milho, caroço de algodão, casca de soja e farelo de soja, respectivamente. A canola e a colza apresentaram baixa degradabilidade efetiva para a MS, com valor médio de 33,68%. O grão de linhaça apresentou degradabilidade efetiva para a MS de 64,24%, com fração potencialmente degradável de 87,89%. O milho apresentou fração solúvel de 12,33% e uma degradação de 39,67% para a MS. O farelo de soja apresentou-se dentro dos parâmetros normais de degradação com 52,61% para a MS e 52,83% para PB. Para a linhaça, canola e colza a degradabilidade da proteína apresentou valor médio de 18,34%. Os grãos de avaliados apresentaram baixa degradabilidade efetiva para a matéria seca e proteína bruta.This study evaluated in situ ruminal degradability of grains of linseed, canola, rapeseed and corn, whole cottonseed, as well as soybean hulls and soybean meal, in sheep. Three Santa Inês sheep were fistulated and fitted with rumen cannulas. The animals were housed in individual stalls, receiving chopped grass and concentrated feed daily. Feeds were incubated in descending order of 72, 48, 24, 18, 6, 3 and 0h. Protein content was 34.77% for canola, 30.07% for rapeseed, 23.70% for linseed, 10.64% for corn, 26.12% for cottonseed, 14.65% for soybean hulls, and 56.90% for soybean meal. Canola and rapeseed showed low effective degradability of DM, with mean value of 33.68%. Linseed grain had DM

  2. VOLUNTARY INTAKE, APPARENT DIGESTIBILITY AND DIGESTA KINETICS OF THREE PROTEIN-LEVEL FORAGES FED TO SHEEP CONSUMO VOLUNTÁRIO, DIGESTIBILIDADE APARENTE E CINÉTICA DIGESTIVA DE TRÊS FORRAGEIRAS EM OVINOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adibe Luiz Abdalla

    2007-12-01

    -tiva de três forragens, com teores protéicos distintos, em ovinos. Utilizaram-se  seis ovinos da raça Santa Inês (PV = 40 ± 5,7 kg, machos adultos, castrados e providos de cânulas ruminais. Optou-se pelo uso de fenos de alfafa (ALF, de braquiária (BRA e de capim Tifton-85 (TIF pelos seus teores de proteína bruta (PB, respectivamente, 191, 29 e 75 g kg-1 MS. Alocaram-se os tratamentos e os animais em delineamento de dois quadrados latinos (três tratamentos, três períodos e seis animais. As dietas consistiam exclusivamente de ALF, BRA ou TIF e mistura mineral, oferecida separadamente. O ensaio de consumo voluntário foi realizado em baias individuais e os de digestibilidade e cinética digestiva, em gaiolas de metabolismo. Determinou-se a digestibilidade aparente por coleta total de fezes. Estimou-se a cinética digestiva mediante o uso de Co-EDTA e fibra Cr-mordantada como marcadores das fases líquida e sólida, respectivamente. Compararam-se as médias por teste de Tukey. O consumo voluntário de MS do tratamento ALF foi maior (P < 0,05 que os tratamentos BRA e TIF, o que refletiu a forte relação entre consumo e teor de proteína na dieta. Os coeficientes de digestibilidade aparente da MS e da MO também foram superiores (P < 0,05 para ALF. A digestibilidade aparente da proteína bruta mostrou diferenças (P < 0,05 entre os três tratamentos, sendo ALF (0,694 a mais alta que se observou, seguida por TIF (0,500. Para o tratamento BRA, essa variável foi praticamente nula (0,001, indicando déficit protéico intenso. O consumo voluntário e a digestibilidade aparente dos alimentos testados receberam influência da composição química e da cinética digestiva. Alimentos com baixo teor protéico prejudicaram a digestibilidade aparente de nutrientes, diminuindo, próximo à nulidade, para a proteína do tratamento BRA.

    Palavras-chaves:  Alfafa, braquiária, marcadores, nutrição, ruminantes, Tifton.

  3. Prevalence of Neospora caninum antibodies in sheep flocks of Uberlândia county, MG Prevalência de anticorpos anti-Neospora caninum em rebanhos de ovinos do município de Uberlândia, MG

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandra Renata Sampaio Salaberry

    2010-09-01

    Full Text Available Neosporosis is a parasitic disease that occurs in sheep and is associated with reproductive failure. The aim of this study was to verify seroprevalence of Neospora caninum antibodies in 12 sheep flocks in Uberlândia county, Minas Gerais, Brazil, using Indirect Immunofluorescence Assay (IFA. A total of 334 sheep blood samples were analyzed and an epidemiologic questionnaire was applied for each farm in order to correlate with risk factors of neosporosis: gender, age, breed, abortion problems, contact with cattle and dogs, and presence of wild canids. The prevalence of Neospora caninum antibodies in sheep was 8.1%, with titers ranging from 50 to 3200 and 83.3% of farms detected at least one ovine reactive. There was statistically significant difference in flocks with abortion problems associated with the presence of Neospora caninum antibodies (p A neosporose é uma doença parasitária que acomete os ovinos e está associada a perdas reprodutivas. O objetivo deste estudo foi verificar a prevalência de anticorpos anti-Neospora caninum em 12 rebanhos de ovinos do município de Uberlândia, MG, utilizando a Técnica de Imunofluorescência Indireta (RIFI. Foram analisadas 334 amostras de sangue e, em cada propriedade, aplicou-se um questionário epidemiológico para avaliar os fatores de risco envolvidos na transmissão desse protozoário: sexo, idade, raça, problemas de aborto, contato com bovinos e caninos e presença de canídeos silvestres. A prevalência de anticorpos anti-Neospora caninum em ovinos foi de 8,1%, com títulos variando de 50 a 3200 e 83,3% das propriedades apresentaram pelo menos um ovino reagente. Houve diferença estatística significativa para rebanhos com problemas de aborto associados à presença de anticorpos anti-Neospora caninum (p < 0,05.

  4. Epidemiology of Oestrus ovis (Diptera: Oestridae in sheep in Botucatu, State of São Paulo Epidemiologia de Oestrus ovis (Diptera: Oestridae em ovinos em Botucatu, São Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruna Fernanda da Silva

    2012-12-01

    Full Text Available The seasonal factors that influence Oestrus ovis infestation in sheep were determined in Botucatu, State of São Paulo, Southwestern Brazil, from April 2008 to March 2011. Two tracer lambs were monthly exposed to natural infestation by O. ovis larvae for 28 consecutive days, by grazing with a sheep flock. Tracer animals were then euthanized and the larvae of O. ovis recovered from nasal and sinus cavities. Of the 72 tracer lambs, 50% were infested with O. ovis larvae and the mean intensity of infestation per head infested was 16.8 larvae, with an average of 7.8 L1, 5.3 L2 and 3.7 L3. O. ovis larvae were present during the four seasons of the year, but the mean larval burden was significantly higher during the spring and summer months, compared to winter (P Os fatores sazonais que influenciam a infestação por larvas de Oestrus ovis, foram determinados no período de abril de 2008 a março de 2011, em ovinos criados em Botucatu, São Paulo, região Sudeste do Brasil. Mensalmente, dois cordeiros traçadores permaneceram em pastejo com um rebanho ovino durante 28 dias consecutivos, expostos à infestação natural por larvas de O. ovis. Em seguida, os cordeiros foram sacrificados, e as larvas de O. ovis recuperadas da cavidade nasal e seios frontais. Dos 72 cordeiros traçadores, 50% estavam infestados por larvas de O. ovis, com intensidade média de infestação de 16,8 larvas/cabeça infestada, com média de 7,8 L1, 5,3 L2 e 3,7 L3. As larvas de O. ovis foram recuperadas durante as quatro estações do ano, mas o número médio de larvas foi significativamente superior durante os meses de primavera e verão comparado aos meses de inverno (P < 0,05. A maior taxa de recuperação larval coincidiu com temperaturas médias entre 20 °C e 25 °C e umidade relativa do ar por volta de 70%. Os resultados sugerem que a evolução e desenvolvimento de O. ovis ocorre praticamente durante o ano inteiro, mas a infestação é mais frequente nos meses de

  5. BLUETONGUE VIRUS ANTIBODIES DETECTIONS IN SHEEP FROM ARAÇATUBA REGION –SAO PAULO, BRAZIL DETECÇÃO DE ANTICORPOS CONTRA O VÍRUS DA LÍNGUA AZUL EM OVINOS NA REGIÃO DE ARAÇATUBA – SÃO PAULO, BRASIL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Hellmeister de Campos Nogueira

    2009-12-01

    Full Text Available

    Bluetongue (BT is an infectious, insect-born viral disease of ruminants. The causative agent of BT is bluetongue virus (BTV that belongs to the family Reoviridae genus Orbivirus. Insect vectors in the genus Culicoides transmit this virus. BT affects domestic and wild ruminants, however small ruminants are considered the most affected specie. The aim of the study was to detect antibodies against BTV in commercial sheep farms, of the Northeastern region of Sao Paulo State, Brazil. A total of 1002 sera samples collected from adult sheep (above 1 year-old, comprising a total of 31 farms, were screened for the presence of BTV antibodies, by agar gel immunodiffusion test (AGID and ELISA-CFS (Enzyme Linked Immunosorbent Assay – competitive solid phase, both produced by Pan American Center of FMDV. From a total of 1002 samples, 651 (65% were positive by AGID and 742 (74.1%, were positive by ELISA-CFS. These results suggest that the BTV is widespread among farms, probably causing subclinical infections.

    KEY WORDS: AGID, bluetongue virus, ELISA-CFS, seroepidemiological survey.

    A língua azul é uma doença viral, cujo agente etiológico pertence à família Reoviridae, gênero Orbivirus, transmitida por um vetor (artrópode hematófago, do gênero Culicoides. Os animais acometidos são ruminantes domésticos e selvagens, porém os pequenos ruminantes são os mais afetados. O estudo teve como objetivo detectar a presença de anticorpos para língua azul em ovinos da região de Araçatuba, por possuir um rebanho expressivo e condições climáticas favoráveis à multiplicação de insetos. Foram analisadas 1.002 amostras de soros ovinos, provenientes de 31 cabanhas, pelas provas de imunodifusão dupla em gel de ágar (AGID e ELISA (Enzyme Linked immunosorbent Assay de competição da fase sólida (ELISA CFS, provenientes do Centro Panamericano de Febre Aftosa. Desses soros, 651 (65% foram

  6. Efeito da concentração e temperatura de adição de trealose em diluentes para a congelação de sêmen ovino em palhetas Effect of the concentration and addition temperature of trehalose in extenders on freezing ram semen in straws

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adilson Moura

    1995-01-01

    Full Text Available A trealose é um dissacarídio com potencial emprego como crioprotetor quando adicionada aos meios para congelamento de sêmen ovino. Este experimento foi realizado para verificar os efeitos da temperatura de adição (30°C e 4°C e da concentração de trealose (2%, 4% e 6% sobre o sêmen ovino congelado em palhetas, utilizando como base as formulações INRA e TRIS/FRUTOSE. Os efeitos estudados em ambos experimentos foram medidos através da avaliação da motilidade espermática (MOT e da integridade de acrossomas (INTA em diferentes momentos após o descongelamento (0h, 2h e 5h. Os presentes resultados não recomendam a inclusão da trealose visando incrementar a qualidade in vitro do sêmen ovino congelado em palhetas nas concentrações e diluentes testados, porém, sugerem maiores estudos quanto a sua toxidade e possíveis interações com outros constituintes dos diluentes já formulados para o congelamento de sêmen ovino.This study was aimed to evaluate the possible effects of the addition of trehalose to extenders developed for freezing ram semen in straws. The effects of addition temperature (30°C and 4°C and concentration of trehalose (2, 4 and 6% on INRA and TRIS/FRUTOSE diluents was evaluated. Their effects were studied through motility rate and by acrosome integrity at different incubation times after thawing (0, 2 and 5h. The results do not recommend the inclusion of trehalose in these diluents. However, it would be interesting to learn more about toxicity and interactions between the components of the extenders and trehalose in ram sperm frozen in straws.

  7. PARASITOS GASTRINTESTINAIS EM CAPRINOS E OVINOS DA MICRORREGIÃO DO ALTO MEARIM E GRAJAÚ, ESTADO DO MARANHÃO GASTROINTESTINAL PARASITES IN GOATS AND SHEEPS FROM ALTO MEARIM AND GRAJAÚ MICROREGION, STATE OF MARANHÃO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Danilo Rodrigues Barros Brito

    2009-09-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo conhecer os nematoides gastrintestinais e verificar a presença de Eimeria spp. em caprinos e ovinos da microrregião do Alto Mearim e Grajaú, estado do Maranhão. Foram amostrados 384 animais (192 caprinos e 192 ovinos, pertencentes aos municípios de Formosa da Serra Negra, Grajaú e Sítio Novo. Coletaram-se amostras fecais de machos e fêmeas com idade superior a um ano, no período seco e chuvoso, sendo processadas pelos métodos de OPG e OoPG, utilizando-se a técnica de McMaster e a coprocultura. Das amostras de caprinos examinadas, 176 (91,66% estavam positivas para ovos de helmintos e 134 (69,79% continham oocistos do gênero Eimeria. Em ovinos, 122 (63,54% estavam positivas para ovos de helmintos e 113 (58,85% continham oocistos do gênero Eimeria. Foram observados ovos do tipo Strongyloidea, Strongyloides sp., Moniezia sp. e oocistos de Eimeria spp. Parasitando caprinos foram identificados os gêneros Haemonchus (35,41%, Trichostrongylus (27,29%, Cooperia (23,61%, Oesophagostomum (8,93% e Strongyloides (4,75%. Parasitando ovinos, foram identificados os gêneros Haemonchus (30,21%, Trichostrongylus (25,29%, Cooperia (24,28%, Oesophagostomum (14,12% e Strongyloides (6,09%. Os animais apresentaram-se mais parasitados no período chuvoso, sendo mais evidenciado nos machos. Os gêneros Haemonchus, Trichostrongylus, Cooperia e Eimeria são predominantes nos rebanhos de caprinos e ovinos da microrregião do Alto Mearim e Grajaú, Maranhão.

    PALAVRAS-CHAVES: Brasil, cabras, Eimeria, helmintos gastrintestinais, ovinos. The objective of this work was to know the gastrointestinal nematodes and to verify the presence of Eimeria spp. in goats and sheeps of Alto Mearim and Grajaú microregion, Maranhão State. 384 animals (192 goats and 192 sheeps from the municipalities of Formosa da Serra Negra, Grajaú and Sítio Novo were sampled. Fecal samples from male and female aged more than one year were

  8. Influência do grão de sorgo como fonte de amido em ovinos alimentados com feno: parâmetros plasmáticos Influence of sorghum grain as a source of starch in sheep fed hay: plasma parameters

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jorge López

    2000-08-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho experimental foi verificar a influência de diferentes níveis de grão de sorgo, como fonte de amido, nos parâmetros plasmáticos em ovinos alimentados com feno de capim-elefante (Pennisetum purpureum Schum. O sorgo foi utilizado em quatro níveis na dieta: 0, 15, 30 e 45%. Foram usados 12 ovinos machos castrados distribuídos em quatro tratamentos com três repetições. Foram coletadas seis amostras de sangue por animal logo antes da refeição da manhã (hora zero e 1, 2, 3, 4, 6 e 8 horas após. O delineamento experimental foi o completamente casualizado. A 1ª hora após a refeição apresentou a maior concentração plasmática de uréia (53,3 mg/100 mL e foi superior à 6ª e 8ª hora (49,5 e 49,3 mg/100 mL. A maior concentração de uréia no plasma coincidiu com a maior concentração de amônia no líquido ruminal. O tratamento com 30% de sorgo na dieta apresentou concentração plasmática de glicose de 81,0 mg/100 mL e foi superior ao tratamento testemunha (60,4 mg/100 mL. A concentração de insulina variou entre tratamentos para cada hora de coleta após a refeição, de acordo com os níveis de sorgo na dieta. O tratamento com 45% de sorgo apresentou a maior concentração do hormônio no plasma. Observou-se para todos os tratamentos um pico de produção do hormônio na 4ª hora após a refeição.The objective of this experimental work was to evaluate the influence of different levels of sorghum grain, as a source of starch, on the plasma parameters of sheep fed elephant grass hay (Pennisetum purpureum Schum. Sorghum grain was included in the diet at four levels: 0, 15, 30 e 45%. Twelve castrated male sheep were assigned to four treatments with three replicates. Six samples of blood per animal were collected just before the morning feeding (zero hour and after 1, 2, 3, 4, 6 and 8 hours. A completely randomized design was used. The first hour after feeding showed the highest plasma concentration of

  9. Avaliação de oxigenador de membrana infantil em ovinos Evaluation of infant membrane oxygenator in sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata Geron Finoti

    2008-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a segurança e a eficácia de um novo oxigenador de membrana denominado OXM -1500. MÉTODOS: No período de maio de 2005 a setembro de 2006, foram estudados seis ovinos da raça Santa Inês, sendo cinco machos e uma fêmea, com peso corpóreo médio de 14,1 (±5 kg, superfície corpórea de 0,6 (±0,2 m² e idade média de 3,8 (±1,5 meses. Todos foram submetidos a circulação extracorpórea (CEC com avaliação nos tempos 10, 30, 60, 120, 180 e 240 minutos, obtendo-se os valores de taxa de transferência de oxigênio (TTO2 e de taxa de transferência de gás carbônico (TTCO2, hemoglobina sérica (HBS e livre (HBL, plaquetometria, leucometria e taxa de transferência de calor. RESULTADOS: Houve adequadas TTO2 e TTCO2. A lesão da maioria dos elementos figurados do sangue foi insignificante, sem alterações dos níveis de HBS, HBL, plaquetas e o número de leucócitos diminuíram com o tempo. A troca de calor foi efetiva (p OBJECTIVE: To analyze the security and efficacy of a new membrane oxygenator, the so-called OXM - 1500. METHODS: From May 2005 to September 2006, six sheep of Santa Inês breed (five male and one female, respectively were studied. The average body weight was 14.1 (±5 kg, body surface 0.6 (±0.2 m² and a mean age 3.8 (±1.5 months. All of them were submitted to extracorporeal circulation (CEC with evaluation at 10, 30, 60, 120, 180 and 240 minutes. The following values were obtained: values of oxygen transference (TTO2 and carbon dioxide transference (TTCO2, haemoglobin (HBS and free haemoglobin (HBL, the score of platelets and of leucocytes, and heat transference rate. RESULTS: TTO2 and TTCO2 were adequate. Lesion of the majority formed blood elements was insignificant; there no modifications in HBS, HBL levels; platelets and leucocytes decreased over time. Heat exchange was effective (p < 0.05. CONCLUSIONS: The membrane OXM - 1500 infant oxygenator, tested in sheep, showed adequate oxygenation capacity

  10. BEHAVIOR AND PRODUCTIVE PERFORMANCE OF SHEEP MAINTAINED IN TANZANIA GRASS (PANICUM MAXIMUM PASTURES UNDER INTERMITTENT STOCKING ASPECTOS COMPORTAMENTAIS E DESEMPENHO PRODUTIVO DE OVINOS MANTIDOS EM PASTAGENS DE CAPIM-TANZÂNIA MANEJADO SOB LOTAÇÃO INTERMITENTE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raimundo Nonato Braga Lobo

    2007-12-01

    ="MsoNormal">O trabalho foi desenvolvido objetivando avaliar o comportamento e desempenho produtivo de ovinos mantidos em pastagens de capim-tanzânia (Panicum maximum manejadas sob períodos de descanso (PD correspondentes aos tempos necessários para expansão de 1,5 (1,5F, 2,5 (2,5F ou 3,5 (3,5F novas folhas/perfilho. Foram avaliados aspectos comportamentais como o tempo em que os animais se mantinham sob a sombra e o tempo despendido para pastejo, ruminação e em ócio, além do número de defecações, urinação, ingestão de água e sal e a taxa de bocados (TXB. para avaliação do desempenho produtivo, avaliaram-se o ganho de peso médio diário (GMD e a taxa de lotação expressa em número de animais por hectare (TLA, além da produção por hectare, expressa em kg de peso vivo (PPVH. os animais mantidos em pastagens manejadas sob PD de 3,5F permaneceram 21% do tempo compreendido de 5 às 18 horas sob a sombra. os animais mantidos nos piquetes com PD de 2,5F despenderam menor porcentagem de tempo pastejando, indicando que, nessa condição, os animais conseguiram ingerir maior quantidade de forragem num menor intervalo de tempo. Quanto às TXB, observou-se que nos períodos de 8 às 11 horas e 17 às 18 horas elas foram semelhantes para todos os PDs adotados. para o PD de 2,5F as taxas de bocados não diferiram entre os intervalos de tempo avaliados, enquanto no PD de 3,5F as taxas de bocados foram menores em todos os períodos analisados. Quanto ao desempenho produtivo, observou-se que os animais mantidos em piquetes sob PD de 1,5F apresentaram maior GMD, porém as TLA e TLUA foram menores que as observadas nos piquetes mantidos sob PD de 3,5F. Já as PPVH das pastagens mantidas sob PDs de 1,5F e 2,5F foram semelhantes e superiores às pastagens mantidas sob PD de 3,5F. conclui-se que as pastagens de capim-tanzânia devem ser manejadas sob PDs de 2,5 folhas, pois apresentam boa PPVH e permitem aos animais consumirem mais forragem em menor intervalo de tempo

  11. Substituição do milho por farelo de palma forrageira em dietas de ovinos em crescimento: desempenho Replacement of corn by forage cactus meal in growing lambs diets: performance

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Robson Magno Liberal Véras

    2005-02-01

    Full Text Available Objetivou-se, com este trabalho, avaliar quatro níveis de substituição do milho (0; 33; 67 e 100% pelo farelo de palma forrageira sobre o desempenho de ovinos em crescimento terminados em confinamento. Vinte carneiros mestiços Santa Inês foram distribuídos em delineamento em blocos ao acaso, com quatro tratamentos (níveis de substituição do milho pelo farelo de palma e cinco repetições. Além do milho e/ou farelo de palma, os animais receberam feno de Tifton (Cynodon dactylon, como volumoso, farelo de soja, calcário e sal mineral. O ganho de peso e a conversão alimentar diminuíram, enquanto os consumos de FDN e de FDA aumentaram linearmente com a substituição. Os consumos de matéria seca, de proteína bruta, de matéria orgânica e de carboidratos totais e o rendimento de carcaça não foram influenciados pela substituição do milho pelo farelo de palma.The objective of this work was to evaluate four corn replacement levels (0, 33, 67 and 100% by forage cactus meal on performance of feedlot growing lambs. Twenty crossbred lambs were allotted to a completely randomized block design with four treatments (replacement of corn by forage cactus meal and five replications. Besides corn and/or forage cactus meal, the animals were fed Tifton hay (Cynodon dactylon, as forage, soybean meal, limestone and mineral salt. Weight gain and feed:gain ratio decreased and intakes of NDF and ADF increased linearly with corn replacement. The intakes of dry matter, crude protein, organic matter and total carbohydrates and carcass yield were not affected by replacement of corn by forage cactus meal.

  12. Eficácia anti-helmíntica comparativa da associação albendazole, levamisole e ivermectina à moxidectina em ovinos Comparative anthelmintic efficacy of the association albendazol, levamisol and ivermectin to moxidectin in sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina Buzzulini

    2007-06-01

    Full Text Available Avaliou-se a eficácia anti-helmíntica da associação de albendazole 2,0%, cloridrato de levamisole 2,55% e ivermectina 0,08% comparativamente à moxidectina 1% em ovinos naturalmente infectados. Foram selecionados 24 ovinos para a composição de três grupos experimentais com oito animais cada: T1, ovinos tratados com a associação albendazole, levamisole e ivermectina, na dosagem de 1 mL 4 kg-1 de peso corporal; T2, ovinos tratados com moxidectina, na dosagem de 1 mL 50 kg-1 de peso corporal e T3, ovinos sem tratamento anti-helmíntico. Foram realizadas contagens de ovos por grama de fezes (OPG no primeiro, terceiro, quinto e sétimo dia após os tratamentos. No sétimo dia todos os ovinos foram necropsiados e todos os helmintos encontrados no trato gastrintestinal foram quantificados e identificados quanto ao gênero e à espécie. A associação dos diferentes princípios ativos foi 100% eficaz no combate às espécies Cooperia punctata, C. pectinata, C. spatulata, Trichostrongylus axei, Oesophagostomum columbianum, Trichuris ovis, C. curticei e Strongyloides papillosus e, a moxidectina eliminou as seis primeiras espécies citadas. Contra Haemonchus contortus a associação apresentou eficácia superior (93% à moxidectina (51,4%. Ambas formulações foram eficazes contra Trichostrongylus colubriformis. A associação medicamentosa utilizada constitui alternativa no controle das nematodioses ovinas.The anthelmintic efficacy of 2.0% albendazol, 2.55% levamisol chloridrate and 0.08% ivermectin formulation to 1% moxidectin in sheep naturally infected with gastrointestinal nematodes was compared. Twenty-four animals were selected by faecal egg counts (FEC means, composing three experimental groups with eight sheep each: T1, sheep treated with albendazol, levamisol and ivermectin association; T2, sheep treated with 1% moxidectin and T3, untreated group. FEC was estimated at 1st, 3rd, 5th and 7th day post-treatment. All animals were

  13. Fontes proteicas no suplemento concentrado de ovinos em pastejo - DOI: 10.4025/actascianimsci.v31i1.3875 Protein sources in supplements for grazing sheep - DOI: 10.4025/actascianimsci.v31i1.3875

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvio Romero Bulhões Azevedo

    2009-05-01

    Full Text Available O uso de suplementos concentrados e a adequação proteica nestes suplementos podem ser importantes ferramentas para os sistemas de produção de ovinos em pastagens tropicais. O presente trabalho teve por objetivo avaliar diferentes fontes proteicas no suplemento concentrado de ovinos mantidos em pastagens irrigadas de Tifton 85. Os tratamentos avaliados foram: animais não-suplementados (controle, farelo de soja, ureia e torta de algodão, no suplemento concentrado múltiplo (20% de proteína bruta e 74% de nutrientes digestíveis totais. A quantidade de concentrado fornecida diariamente foi de 0,180 kg animal-1. Foram utilizados 28 ovinos machos castrados, mestiços Santa Inês x sem padrão racial definido, com peso corporal inicial de 28 kg. O período experimental foi de 84 dias, dividido em seis subperíodos de 14 dias. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, com quatro tratamentos e sete repetições. O consumo de matéria seca de forragem foi maior para os animais mantidos exclusivamente em pastagens. Não foram observadas diferenças significativas entre os tratamentos para o ganho de peso e parâmetros de carcaça. As fontes proteicas utilizadas no suplemento concentrado para ovinos em pastejo foram tecnicamente viáveis, não havendo diferença entre elas. Entretanto, o uso da suplementação com concentrado não se mostrou vantajoso em relação à engorda exclusiva em pastagens.The use of concentrate supplementation and the appropriate protein level in these supplements may be an important tool for sheep production systems in tropical grazing. The objective of this trial was to evaluate different protein sources in concentrate supplements of sheep grazing in irrigated in Tifton 85 grass systems. The treatments were: non supplemented animals (control, soybean meal, urea, cottonseed meal in multiple concentrate supplement (20% of crude protein and 74% of total digestible nutrients. The amount of daily

  14. Intoxicação espontânea por Senecio brasiliensis (Asteraceae em ovinos no Rio Grande do Sul Spontaneous poisoning in sheep by Senecio brasiliensis (Asteraceae in southern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcia R. S. Ilha

    2001-09-01

    Full Text Available Descreve-se a ocorrência de um surto de intoxicação espontânea por Senecio brasiliensis em ovinos em um estabelecimento do município de Mata, Estado do Rio Grande do Sul, em meados de janeiro de 1997. De um total de 94 ovinos, 51 (54,25% animais adoeceram e 50 (53,2% morreram. Esse rebanho permaneceu durante aproximadamente 7 meses (de junho de 1996 a janeiro de 1997 em piquetes de pastagem nativa onde havia grande quantidade de S. brasiliensis. O quadro clínico manifestado pelos animais afetados consistia em fotossensibilização, emagrecimento progressivo, apatia, fraqueza, perturbações neurológicas como depressão, andar a esmo e desequilibrado, icterícia e hemoglobinúria. Houve melhora das lesões de pele naqueles ovinos que desenvolveram fotossensibilização hepatógena depois que foram retirados do sol. As principais lesões macroscópicas observadas em 9 dos 10 ovinos necropsiados incluíam fígado diminuído de tamanho, firme, difusamente marrom amarelado ou esverdeado, com quantidades variáveis de nódulos de 1-3 mm de diâmetro, bem circunscritos, salientes na cápsula, amarelados, distribuídos aleatoriamente por todo o parênquima. A vesícula biliar estava repleta e preenchida por bile verde escura e espessa. Havia também derrames cavitários (hidropericárdio e ascite. Crise hemolítica aguda fatal associada à intoxicação crônica hepatógena por cobre foi observada em cinco ovinos. Além das lesões hepáticas macroscópicas já mencionadas, foi observada icterícia generalizada da carcaça, rins tumefeitos, friáveis, difusamente escurecidos ou com fino pontilhado enegrecido; a urina era marrom escura (hemoglobinúria. As principais lesões microscópicas foram observadas no fígado e consistiam em hepatomegalocitose, proliferação de ductos biliares (hiperplasia ductal e fibrose periportal moderada acompanhada de infiltrado inflamatório mononuclear. Macrófagos carregados de pigmento acastanhado formavam

  15. Implante de tubo valvulado bioprótese "stentless" em posição aórtica: estudo experimental em ovinos A juvenile sheep model for the stentless bioprostheses implanted as aortic root replacements

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo César SANTOS

    2002-03-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: O tratamento das lesões valvares representa um grande desafio dentro da cirurgia cardiovascular, pois, até os dias atuais, não temos um substituto ideal para as valvas do coração. As próteses atualmente disponíveis apresentam vantagens e desvantagens; as mecânicas exigem anticoagulação definitiva e as biológicas apresentam baixa durabilidade. Para se chegar a um substituto ideal, são necessárias várias fases, desde a escolha e o preparo do material até o implante em animal de grande porte. Esta última é muito importante, pois a escolha do animal deve ser criteriosa. Ovinos juvenís são animais dóceis de fácil manipulação e suas características anatômicas e biológicas se assemelham muito ao que ocorre com o ser humano e as próteses "stentless" são substitutos mais próximos dos homoenxertos. MATERIAL E MÉTODO: Foram operados 30 ovinos juvenís com idade variando de 4,4 a 6,3 meses, peso de 25 a 37 kg, sendo 28 machos. Todos os animais foram submetidos a circulação extracorpórea para implante de bioprótese "stentless" montada em tubo de aorta porcina, com reimplante de artérias coronárias. A operação foi realizada com hipotermia moderada e cardioplegia gelada. O período de seguimento foi de 30 dias e, ao final, realizado ecocardiograma. RESULTADOS: Houve 8 (26,6% óbitos no intra-operatório e 6 (27,7% óbitos no seguimento. O tempo médio de CEC foi de 98 min. Foi realizado ecocardiograma em 16 animais e em nenhum caso foram vistos sinais de endocardite ou outras alterações; a fração média de ejeção foi de 74%. CONCLUSÃO: Este modelo experimental utilizando ovinos para o estudo de biopróteses "stentless" em posição aórtica mostrou-se bem reprodutível e a performance do enxerto bastante factível de ser avaliada, pois ovinos são animais dóceis e de fácil manipulação no seguimento tardio.INTRODUCTION: Often, studies on aortic prosthetic valves analyze their performance not at the

  16. Comportamento de ovinos da raça Santa Inês, de diferentes pelagens, em pastejo - doi: 10.4025/actascianimsci.v33i3.9974 Behavior of Santa Inês sheep, different colorations, grazing - doi: 10.4025/actascianimsci.v33i3.9974

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elisa Cristina Modesto

    2011-06-01

    Full Text Available O objetivo deste experimento foi avaliar o comportamento de ovinos da raça Santa Inês, de diferentes pelagens em condições de pastejo. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado, com três cores de pelame (branco, castanho e preto, representando os tratamentos e 7 repetições, em um arranjo de parcela subdividida com cor do pelame na parcela e período na sub-parcela. As observações das variáveis analisadas foram realizadas em quatro períodos experimentais, onde cada período conteve três dias de observações comportamentais. Sendo as variáveis analisadas: tempo de pastejo, tempo de ruminação, tempo em ócio, outras atividades e bebendo água. As observações foram realizadas a cada 10 min., das 6 às 17h. Não houve interação significativa (p > 0,05 entre período e cor do pelame para nenhuma das características comportamentais estudadas. Os períodos influenciaram todas as atividades comportamentais. A cor do pelame influenciou na atividade ruminando em pé ao sol: animais brancos apresentaram maior tempo (p The objective of this experiment was to evaluate the behavior in Santa Ines sheep, different colorations, under conditions of grazing. The experimental design was completely randomized, with three coat colors (white, brown and black as treatments and 7 replications in a split plot arrangement with the coat color in the plot and period in the sub-plot. The observations of the variables analyzed were four experimental periods where each period contained three days of behavioral observations. Since the variables: grazing time, rumination time, leisure time, drinking water and other activities The observations were made every 10 minutes from 6 a.m. to 5 p.m. No significant interaction (p > 0.05 between period and color of the coat for any of the behavioral traits studied. The periods affected all behavioral activities. The hair coat color influenced the activity mulling standing at the Sun, the white animals

  17. Mastite em pequenos ruminantes no Brasil Small ruminant mastitis in Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodolfo de M. Peixoto

    2010-09-01

    Full Text Available Este artigo objetivou revisar as informações recentes sobre mastite em pequenos ruminantes, abrangendo etiologia, epidemiologia, aspectos de controle e profilaxia. Houve a preocupação em reunir resultados de estudos desenvolvidos no Brasil, uma vez que a mastite tem a interferência de uma série de fatores, como fatores ambientais e outros decorrentes dos sistemas de manejo empregados, condições essas determinantes para etiologia e epidemiologia da enfermidade. A prevalência da mastite em caprinos varia entre 22 e 75%, sendo que os casos de mastite subclínica são os mais frequentes. Existe uma carência de trabalhos voltados para os aspectos epidemiológicos da enfermidade no nosso país. Contudo, observa-se que a mastite vem assumindo importância cada vez maior nos rebanhos voltados para produção de carne, sendo encontrados resultados de pesquisa, principalmente na espécie ovina. A mastite estafilocócica corresponde à maior fração nas infecções intramamárias em pequenos ruminantes. O caráter zoonótico de alguns patógenos, a exemplo do Staphylococcus aureus ressalta a importância da implantação de programas de controle em propriedades leiteiras. Algumas das ferramentas de diagnóstico ainda necessitam de padronização, principalmente para espécie caprina que apresenta uma série de particularidades. Ainda são discutidas as principais estratégias de controle como o manejo de fêmeas e suas crias, os procedimentos de ordenha e a utilização de vacinas.The present reviews mastitis in small ruminants, focusing important aspects of etiology, epidemiology, diagnose, control, and prophylaxis. There was a special concern in review studies developed in Brazil, since mastitis results from a combination of many factors such as environmental and management conditions that concur for the action of etiological agents and for the epidemiology of this relevant disease. The prevalence mastitis in goats varies from 22 to 75%, with

  18. Nematódeos resistentes a anti-helmíntico em rebanhos de ovinos e caprinos do estado do Ceará, Brasil Nematodes resistant to anthelmintics in sheep and goat flock in the State of Ceará, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Carolina Fonseca Lindoso Melo

    2003-04-01

    Full Text Available O controle do parasitismo por nematódeos gastrintestinais é feito basicamente com a utilização de anti-helmínticos. Falhas no controle são o primeiro sinal do aparecimento de resistência anti-helmíntica. A real situação da prevalência da resistência anti-helmíntica, em fazendas comerciais de criação de ovinos e caprinos no Brasil, é desconhecida. Esse experimento teve como objetivo, estimar a ocorrência de resistência ao oxfendazol, levamisol e ivermectina em propriedades comerciais de criação de ovinos e caprinos, na região do médio e baixo Jaguaribe, através do teste de redução na contagem de ovos nas fezes acompanhados de coproculturas. O trabalho foi realizado em 25 criações, sendo 16 de ovinos, 7 de caprinos e uma de ovinos e caprinos. Os dados obtidos foram analisados pelo programa estatístico RESO (1989. A prevalência de nematódeos resistentes ao oxfendazol, levamisol e ivermectina em ovinos foi de 88%, 41% e 59%, e em caprinos de 87,5%, 75% e 37,5%, respectivamente. Observou-se que o gênero Haemonchus foi o mais prevalente na população resistente a todos os anti-helmínticos, tanto em ovinos quanto em caprinos, seguido de Trichostrongylus e Oesophagostomum.The control of gastrointestinal nematodes parasitism is made basically with anthelmintics. Control failure is the first sign of anthelmintic resistance development. The actual situation of anthelmintic resistance prevalence in commercial farms of sheep and goats in Brazil is unknown. The aim of this work was to estimate the occurrence of oxfendazole, levamisole and ivermectin resistance in sheep and goats from medio and baixo Jaguaribe region by faecal egg count reduction followed by coprocultures. The work involved 25 farms (16 sheep farms, 7 goat farms and one of sheep and goats. Data were analysed by RESO (1989. The prevalence of resistant nematodes to oxfendazole, levamisole and ivermectin was respectively 88%, 41% and 59% in sheep and 87.5%, 75

  19. Efeito do genótipo e da idade de ovinos na reatividade medida em pista de venda Effects of genotype and age of sheep in reactivity measured at market auction

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Isabella Dias Barbosa Silveira

    2010-10-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar o comportamento de ovinos e relacionar aspectos comportamentais com a raça e idade dos animais. Foram observados 5.971 animais divididos em 181 lotes quanto às raças - Corriedale (n = 2.731, Ideal (n = 1.574, Merino (n = 168, Texel (n = 717, Suffolk (n = 247 e 6 mestiços (n = 534 - e quanto à idade - cordeiras (1,5 ano, n = 3.021, ovelhas (acima de 1,5 ano, n = 2457 e cordeiras dente-de-leite (média de 6 meses de idade, n = 493. O comportamento médio dos lotes foi avaliado pela atribuição de escores de movimentação e resistência à condução na entrada, permanência e saída da pista de comercialização. Os animais das raças mais especializadas para produção de carne (Suffolk e Texel e os animais jovens foram os mais agitados e apresentaram maior resistência à condução pelo homem em comparação àqueles das raças produtoras de lã e aos mais velhos. Os escores comportamentais foram positivamente relacionados entre si, o que permite a escolha de qualquer um deles para medir o comportamento dos ovinos. O comportamento de ovinos em pista de venda é influenciado pela idade e raça.The objective of this work was to evaluate behavior of sheep and to relate behavioral aspects with breed and age of animals. It was observed 5,971 animals distributed in 181 plots regarded to: breed - Corriedale (n=2,731, Ideal (n=1,574, Merino (n=168, Texel (n=717, Suffolk (n=247 and six crossbreds (n=534; age - yearlings (1.5 year, n=3,021, ewes (above 1.5 year, n =2,457 and lambs (average 6 months of age, n=493. Average behavior of plots was evaluated by attributing scores of movement and resistance to conduction at entrance, permanence and exit from the market auction. Animals from more specialized breeds for meat production (Sulfock and Texel and young animals were the most agitated and they showed more resistance to human conduction compared to those wool producer breeds and to the older ones. Behavior scores positively

  20. Perineal hernia in sheep containing pregnancy uterus / Hérnia perineal em ovino com útero gravídico como conteúdo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Augusto José Savioli de Almeida Sampaio

    2010-09-01

    Full Text Available Herniations and eventrations are ordinary events of buiatric clinic. Umbilical and inguinal hernias are well described, but perineal hernias in small ruminant animals are not so mentioned. Even though being the perineal hernia more common in cats and dogs, it might be occasionally observed in pregnant sheep close to delivery, being the gravid uterus rarely as content. The present study describes the event of perineal hernia with gravid uterus as content in a sheep of approximately one year old with no breed defined with a pregnancy period about 120 days. The adopted procedure included surgical reduction of the hernia, but without the closure of the hernial ring. The animal presented excellent recovery without post-surgery complications. Herniações e eventrações são ocorrências comuns na clinica buiátrica. Hérnia umbilical e inguino-escrotal são bem descritas, porém hérnias perineais em pequenos ruminantes são pouco relatadas. Apesar de a hérnia perineal ser mais comum em cães e gatos, pode ser ocasionalmente observada em ovelhas gestantes próximas ao parto sendo que raramente apresenta o útero como conteúdo. O presente relato descreve a ocorrência de hérnia perineal com útero gravídico como conteúdo em uma ovelha de aproximadamente um ano de idade sem raça definida com tempo de gestação aproximado de 120 dias. A terapêutica adotada incluiu a redução cirúrgica da hérnia, porém, sem a síntese do anel herniário. O animal apresentou excelente recuperação sem complicações pós-operatórias.

  1. ECTOPARASITES IN GOATS AND SHEEPS IN THE TOWN OF MOSSORO, RIO GRANDE DO NORTE ECTOPARASITOS EM CAPRINOS E OVINOS NO MUNICÍPIO DE MOSSORÓ, RIO GRANDE DO NORTE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    ana diogenes suassuna bezerra

    2010-04-01

    Full Text Available Goats and sheeps present an ectoparasite diversity that may result in considerable losses in these animals productivity. Fifteen agrarian reform settlements were visited, with the purpose of identifying ectoparasites in goats and sheeps, in which scraping, direct exams, and auricle exsudate collections were carried out. From the 494 examined goats, 89.87% had ectoparasites, as well as 232 sheeps, 76.72%. The arthropods identified in the goats were: Bovicola caprae (80.76%, Rhipicephalus microplus (1.01%, Cochliomyia hominivorax larvae (0.6%, Psoroptes cuniculi (0.4%, and Ctenocephalides felis (3.23%, Amblyomma parvum (1.01% and Linognathus stenopsis (0.2% which were described for the first time in Brazilian northeast. Mixed parasitism of B. caprae with R. microplus (0.46% and P. cuniculi with B. caprae (0.23% was also identified. In sheeps, B. ovis (74.5%, R. microplus (0.86%, C. hominivorax larvae (0.43% and A. parvum (0.43% were the ones registered for the first time, in this species, in Brazilian northeast, besides the association of B. ovis with R. microplus (0.56%. There was no association between gender and age (P>0.05. The development of studies to evaluate the ectoparasite importance as a limiting factor to animal production becomes important. 

    KEY WORDS: Goats, ectoparasite, sheeps.

    Caprinos e ovinos apresentam uma diversidade de ectoparasitos que podem resultar perdas consideráveis na produtividade desses animais. Visitaram-se quinze assentamentos de reforma agrária, com o objetivo de identificar ectoparasitos de caprinos e ovinos, procedendo-se à realização de raspados, exames diretos e coletas de exsudato do pavilhão auricular. Dos 494 caprinos examinados, 89,87% apresentaram ectoparasitos, e dos 232 ovinos, 76,72%. Os artrópodes identificados em caprinos foram: Bovicola caprae (80,76%, Rhipicephalus microplus (1,01%, larvas de Cochliomyia hominivorax (0,6%, Psoroptes cuniculi (0,4%, além de

  2. Índices de conforto térmico e temperatura superficial por termografia infravermelha em ovinos

    OpenAIRE

    Martins, Raphael Felipe Saraiva

    2012-01-01

    O objetivo deste estudo foi avaliar o uso da termografia infravermelha como método de inspeção das temperaturas superficiais de cordeiros, assim como determinar os valores para os índices de Conforto Térmico bem como avaliar o uso da termografia infravermelha como ferramenta de apoio na inspeção da superfície dos liberes de matrizes ovinas em lactação, auxiliando no diagnóstico do tipo de mastite. Foram realizados dois experimentos simultâneos utilizando-se 40 cordeiros e 40 matrizes lactante...

  3. Doença tremorgênica em ruminantes e equídeos no semiárido da Paraíba Tremorgenic disease in ruminants and equidae in the Brazilian semiarid

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Clarice R.M. Pessoa

    2010-07-01

    Full Text Available Descrevem-se oito surtos de uma doença tremorgênica em bovinos, ovinos, equinos e muares na região do Cariri, semiárido da Paraíba. Sete surtos aconteceram de julho a dezembro de 2007, com maior frequência entre setembro e outubro. Outro surto foi observado em fevereiro de 2008. Todos os surtos ocorreram no período da seca. Os sinais observados foram tremores musculares, hipermetria, ataxia, aumento da base de sustentação, constante estado de alerta e, em alguns casos, decúbito. Quando retirados das pastagens os animais recuperavam-se em 3-4 dias a duas semanas, porém quando retornavam ao pasto de origem adoeciam novamente. Um ovino foi necropsiado e não foram observadas lesões macroscópicas ou microscópicas. Em seis propriedades a doença ocorreu em cultivos de palma invadidos por gramíneas e em duas em áreas de caatinga desmatada invadidas pelas mesmas gramíneas. Diversas gramíneas, incluindo Digitaria bicornis, Enteropogon mollis, Chloris virgata e Chloris barbata foram encontradas nos piquetes onde ocorreu a doença. Dois equinos foram alimentados por sete dias com gramíneas secas provenientes de fazendas onde haviam acontecido surtos da doença. Um dos equinos apresentou sinais leves da doença no quinto dia de ingestão, mas recuperou-se no dia seguinte. Esses resultados sugerem que a doença está associada à ingestão de alguma gramínea, possivelmente Chloris spp. Relatos anteriores mencionam a ocorrência de uma intoxicação semelhante, entre 1956 e 1962, no Agreste Pernambucano, em pastagens de Chloris orthonothon.Eight outbreaks of a tremorgenic disease are reported in ruminants and equidae in the semiarid region of the Brazilian state of Paraíba. Seven outbreaks occurred from July to December 2007, with highest frequency in September and October. Another outbreak was observed in February 2008. All outbreaks occurred during the dry season. The disease affected horses, mules, cattle and sheep. Clinical signs

  4. Neoformação óssea e osteointegração de biomateriais micro e nanoestruturados em ovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruna D. Costa

    2015-02-01

    Full Text Available A substituição de parte do tecido ósseo se faz necessária muitas vezes na rotina cirúrgica, seja em função de fraturas, neoplasias ósseas ou enfermidades ortopédicas que acarretem em perda óssea. Neste sentido, têm se buscado biomateriais capazes de promover esta substituição, evitando o uso de enxertos ou transplantes ósseos. O objetivo deste trabalho foi avaliar a capacidade osteoregenerativa de biomateriais em diferentes composições, em tíbias de ovinos. Foram utilizadas oito ovelhas mestiças texel, com 12 meses de idade e peso médio de 28,5±7,4kg. Após adequada preparação anestésica e cirúrgica, foram produzidos três defeitos ósseos na diáfise das tíbias em sua face medial, totalizando seis defeitos de 6mm cada, sendo que quatro foram preenchidos por biomateriais, e dois por fragmentos ósseos retirados do próprio animal (autocontrole. Os materiais implantados foram: hidroxiapatita (HA, tricálcio fosfato-β (TCP-β, hidroxiapatita/tricálcio fosfato-b 60/40 (HA/TCP-b 60/40 e o nanocompósito hidroxiapatita/alumina a 5% (HA/Al2O3 a 5%. Os animais foram alocados em dois grupos: Grupo 60 (n=04, em que os animais foram eutanasiados após 60 dias da colocação dos implantes e Grupo 90 (n=04, em que a eutanásia ocorreu 90 dias após a colocação dos implantes. Foram realizadas radiografias nos períodos pré-operatório, imediatamente após o procedimento e aos 30, 60 e 90 dias de pós-operatório, a fim de excluir qualquer alteração prévia ou complicação pós-operatória, capaz de comprometer o estudo. Após a eutanásia, foram coletadas as tíbias para avaliação macro e microscópica, por meio de microscopia eletrônica de varredura (MEV e microscopia óptica. Os resultados encontrados mostraram uma boa capacidade de neoformação óssea e uma lenta absorção da HA. O TCP-β foi rapidamente absorvido e apresentou boa capacidade osteoindutiva e osteocondutiva, sendo observada neoformação óssea no

  5. Digestão do feno de capim-elefante anão (Pennisetum purpureum Schum. cv. Mott sob diferentes níveis de consumo em ovinos Dwarf elephant grass hay (Pennisetum purpureum Schum. cv. Mott digestion by sheep at different levels of intake

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jucileia Aparecida da Silva Morais

    2007-04-01

    Full Text Available Foram utilizados doze ovinos Texel × Corriedale machos, castrados, com 12 meses de idade e peso vivo (PV inicial médio de 27kg, mantidos em gaiolas de metabolismo, em um delineamento inteiramente casualizado, conduzido em dois períodos, para avaliar o efeito do nível de consumo (base matéria seca (MS de feno de capim elefante anão (CEA (1,50; 1,75; 2,00; 2,25; 2,50% do PV e ad libitum sobre a digestão nesses animais. A digestibilidade aparente da MS, da matéria orgânica (MO e do nitrogênio (N, bem como a digestibilidade verdadeira do N, o teor de nutrientes digestíveis totais e a síntese de proteína microbiana ruminal não foram afetados, mas a retenção de N (em g dia-1 e como % do N consumido foi sempre positiva e aumentou linearmente (PTwelve one year old Texel x Corriedale castrated male sheep, with 27kg mean live weight (LW, housed in metabolic cages, were used in a completely randomized experiment, carried out in two periods, to evaluate the effect of level of intake (dry matter (DM basis of dwarf elephant grass (1.5; 1.75; 2.0; 2.25; 2.5% of LW and ad libitum on digestion. DM, organic matter (OM and nitrogen (N apparent digestibility, as well as the N true digestibility, total digestible nutrients (TDN contents and rumen microbial protein synthesis were not affected by level of hay intake. N retention (as g day-1 and as % of N intake was always positive and increased linearly (P<0.05 as the level of hay intake increased. However, neutral (NDF and acid detergent fiber (ADF apparent digestibility, as well as OM true digestibility decreased linearly (P<0.05 with increasing intake. Passage rate and mean retention time in the cecum-colon were not affected, whereas passage rate through the reticulum-rumen increased and mean retention time decreased (P<0.05 as the level of intake increased. Fibre and OM true digestibility decreased as hay intake increased (P<0.05, mainly due to a decreasing in retention time of particles into the

  6. Infecção aguda e latente em ovinos inoculados com o herpesvírus bovino tipo 5 (BHV-5 Acute and latent infection in sheep inoculated with bovine herpesvirus type-5 (BHV-5

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana M. Silva

    1998-07-01

    Full Text Available Infecção experimental de ovinos com o herpesvírus bovino tipo 5 (BHV-5 reproduziu vários aspectos da infecção pelo BHV-5 em bovinos. Inoculação intranasal foi seguida de extensiva replicação viral na cavidade nasal, excreção e transmissão do vírus a outros animais, estabelecimento e reati-vação de latência, e o desenvolvimento de meningoencefalite clínica em um animal. Ovinos inoculados com a amostra brasileira EVI-88 apresentaram hipertermia transitória, hiperemia da mucosa nasal e corrimento nasal de seroso a muco-purulento. Os animais eliminaram vírus em secreções nasais em títulos de até 107,11DICC50/ml por até 16 dias. Um cordeiro apresentou sinais clínicos de encefalite no dia 10 pós-inoculação, sendo sacrificado in extremis no início do dia 13. Infectividade foi detectada em várias regiões do encéfalo desse animal, incluindo os hemisférios anterior e posterior, córtex dorso- e ventro-lateral, ponte, pedúnculo cerebral, cerebelo e bulbo olfatório. Alterações histológicas foram observadas em várias regiões do encéfalo, principalmente no hemisfério anterior, córtex ventro-lateral e pedúnculos cerebrais, e consistiram de meningite mononuclear, manguitos perivasculares, gliose focal, necrose e inclusões intranucleares em neurônios . Quatro ovinos mantidos como sentinelas adquiriram a infecção e eliminaram vírus a partir do final do segundo dia, até 7 dias. Ovinos inoculados com a amostra argentina A663 apresentaram apenas hiperemia e umidecimento da mucosa nasal, embora eliminassem vírus nas secreções nasais por até 15 dias. Tratamento dos animais com dexametasona a partir do dia 50 pós-inoculação provocou reativação da infecção latente e eliminação viral durante até 11 dias por 76,9% (10/13 dos animais inoculados e por 100% (3/3 dos animais sentinela. Esses resultados demonstram que ovinos são susceptíveis à infecção aguda e latente pelo BHV-5 e sugerem que infec

  7. Avaliação de técnicas de biópsia renal em ovinos Evaluation of renal biopsy techniques in sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro B. Néspoli

    2010-03-01

    Full Text Available Devido à escassez de trabalhos sobre biópsias renais em ovinos foi desenvolvido um estudo comparativo entre três técnicas de biópsia renal nesta espécie. Neste estudo foram utilizadas nove ovelhas (26,64 kg ±4,86 mestiças (Santa Inês em procedimentos seriados, com intervalos consecutivos de uma semana. Foram avaliados os aspectos clínicos, achados de patologia clínica, o peso das amostras renais, a qualidade histológica, o número de glomérulos e a presença de artefatos no corte histológico da técnica de biópsia percutânea cega, da biópsia guiada por ultrassonografia e do procedimento videolaparoscópico. Não foram observadas alterações hematológicas ou bioquímicas relevantes nos animais submetidos às biópsias renais e as manifestações clínicas detectadas foram leves e transitórias, exceto por um caso de obstrução uretral por coágulo sangüíneo. A técnica percutânea cega foi relacionada à maior ocorrência e gravidade de hematúria, com danos mais graves ao tecido renal e com o único caso de obstrução do fluxo urinário. Na técnica videolaparoscópica, o peso médio das amostras foi superior e a hematúria discreta e transitória. Verificou-se relação direta entre a ocorrência de hematúria grave e a presença de epitélio de transição nas amostras e o número de tentativas utilizado para a obtenção dos fragmentos.Due to lack of studies about renal biopsies in sheep, a comparative study was performed for three renal biopsy techniques in this species. In this study, nine crossbred (Santa Inês ewe lamb (26.64 kg ±4,86 were used in serial procedures with one week consecutive intervals. The clinical aspects, clinical pathological findings, renal sample weights, histology quality, number of glomeruli, and the presence of artifacts in the histology slices were evaluated using the techniques of percutaneous blind biopsy, ultrasound guided biopsies and of videolaparoscopic procedure. No relevant

  8. Correlações entre peso e medidas corporais em ovinos jovens da raça Santa Inês.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A. F. de S. Santana

    2005-03-01

    Full Text Available RESUMO: As medidas e pesos corporais foram obtidos de ovinos da raça Santa Inês no CNPC - EMBRAPA, Sobral - Ceará, em 1994, e referem-se aos pesos e medidas corporais de 28 machos. As médias observadas e os desvios-padrão de peso aos 56, 84 e 112 dias de idade foram: 10,22±2,20; 14,00±2,69 e 18,00 ± 3,27 kg, respectivamente. Para as medidas corporais de perímetro torácico, comprimento corporal, altura da cernelha e da garupa, encontrou-se os seguintes valores: 48,92±4,05, 53,37±3,90 e 61,68±3,29 cm para perímetro torácico; 48,32±4,34, 53,48±3,82 e 57,98±3,46 cm para comprimento corporal; 47,53±3,46, 52,22± 3,07 e 53,96± 2,85 cm para altura da cernelha e 52,61±3,82 e 53,94±2,81 para altura da garupa aos 84 e 112 dias de idade. As correlações simples encontradas entre peso corporal, perímetro torácico, comprimento corporal e altura da cernelha às diferentes idades foram: 0,87, 0,75 e 0,70 aos 56 dias; 0,90, 0,85, 0,66 aos 84 dias e 0,80, 0,87, 0,79 aos 112 dias e 0,70, 0,72 para altura da garupa aos 84 e 112 dias de idade, respectivamente. PALAVRAS-CHAVE: Correlação, Peso, Medidas corporais, Ovinos Abstract: The measures and body weight were obtained sheep of breed Santa Inês in National Center of Research Goat, EMBRAPA, Sobral, State of Ceará, in 1994, and report the weight and body measures from 28 ram lambs. The means observed and the standard desviation at weight of the 56, 84 and 112 days of age were 10.22±2.20; 14.00±2.69 e 18.00±3.27 kg, respectively. At the body measures of thoracic perimeter, body lenght and height withers and of rump find it 48.92±4.05; 53.37±3.90 and 61.68±3.29 cm of thoracic perimeter; 48.32±4.34; 53.48±3.82 and 57.98±3.46 cm of body lenght; 48.32±4.34; 53.48±3.82 and 57.98±3.46 cm of heigth withers and 52.61±3.27; 53.94±2.81 cm of height rump at the 84 and 112 days of age. The

  9. Ocorrência de anticorpos anti-Toxoplasma gondii em ovinos das áreas urbanas e periurbanas de Curitiba, Paraná Occurrence of anti-Toxoplasma gondii antibodies in ovine from urban and periurban areas from Curitiba, Parana State

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanete Thomaz Soccol

    2009-12-01

    Full Text Available Com o objetivo de avaliar a ocorrência da infecção por Toxoplasma gondii, em ovinos das regiões periurbana e urbana do município de Curitiba, Paraná, Região Sul do Brasil, foram coletadas amostras de sangue de 167 ovinos, de três rebanhos. O teste de ELISA foi utilizado para detectar anticorpos anti-Toxoplasma gondii. Dos 167 soros ovinos, 43 (25,75% apresentaram anticorpos anti-T. gondii. O parasito está difundido entre os ovinos das duas regiões estudadas.This study evaluated occurrence of the Toxoplasma gondii infection in ovine from urban and periurban areas of Curitiba, State of Paraná, Southern of Brazil. Blood samples from 167 sheep from three farms were collected. ELISA assay was used to detect IgG anti-Toxoplasma gondii antibodies. Of 167 ovine samples, 43 (25.75% were positive. The parasite is widespread among sheep from urban and periurban areas of Curitiba.

  10. Capim-elefante amonizado e farelo de cacau ou torta de dendê em dietas para ovinos em crescimento Amnonizated elephant grass and cocoa meal or palm kernel cake in growing sheep diet

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Herymá Giovane de Oliveira Silva

    2008-04-01

    Full Text Available Estudou-se o efeito da amonização do capim-elefante e da substituição parcial do concentrado padrão, à base de milho e farelo de soja, por concentrados contendo farelo de cacau ou torta de dendê sobre o desempenho de ovinos. Utilizaram-se 18 ovinos machos não-castrados da raça Santa Inês, com peso corporal médio de 22,6 kg, distribuídos em um delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial 2 × 3 com três repetições. O período experimental teve duração de 77 dias: 14 dias de adaptação e três períodos de 21 dias para coleta dos dados. As dietas foram compostas de 60% de volumoso (silagem de capim-elefante não tratado ou tratado com uréia e 40% de concentrado. Utilizaram-se três concentrados, um à base de milho e farelo de soja, outro contendo milho, farelo de soja e farelo de cacau e outro contendo milho, farelo de soja e torta de dendê. Os consumos de matéria seca em %PC foram menores entre os animais alimentados com concentrado contendo torta de dendê, entretanto, não houve diferença entre o concentrado padrão e aquele com farelo de cacau nem entre os volumosos. Também não houve interação volumoso × concentrado. O ganho de peso foi maior nos animais alimentados com o capim-elefante amonizado. A lucratividade parcial por kg de ganho de peso elevou com a amonização do capim-elefante e reduziu com a inclusão dos subprodutos no concentrado.The effect of ammonization of elephant grass and the partial substitution of the standard concentrate based on corn and soybean meal by concentrates containing cocoa meal or palm cake on sheep performance was evaluated. A total of 18 Santa Inês male sheep, with average 22.6 kg BW, was allotted to a completely randomized design in a 2 × 3 factorial arrangment with three replications. The experimental period consisted of 77 days, with 14 days for adaptation and three periods of 21 days for data collection. The diets constituted of 60% forage (elephant grass no

  11. Avaliação do uso de extratos vegetais para controle da hemoncose em ovinos naturalmente infectados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Matheus Diniz Gonçalves Coêlho

    2017-03-01

    Full Text Available A ovinocultura no Brasil tem sido considerada uma importante prática econômica. Entretanto, há alguns problemas relacionados com esta prática, dentre os quais se destaca a hemoncose. Haemonchus contortus é tido como o principal helminto parasita de ovelhas, considerando-se o fato de ser o único hematófago direto, podendo causar anemia, perda de peso, edema submandibular, baixa qualidade da carne e da lã e óbito de uma grande porcentagem do rebanho. Atualmente, opta-se pelo tratamento alopático para controle da hemoncose, porém, devido ao uso repetitivo, observa-se desenvolvimento crescente de resistência. Neste sentido, a fitoterapia tem se destacado como uma alternativa promissora. Sendo assim, no presente trabalho objetivou-se avaliar a atividade anti-parasitária de três extratos vegetais: extratos hidroalcoólicos obtidos por percolação de Lepidium didymum e Momordica charantia, e extrato aquoso de Tagetes minuta. Animais da raça santa Inês foram triados para identificação de espécimes parasitados e separados em quatro grupos com seis animais cada, sendo um grupo controle sem tratamento, e os demais tratados com 200 mg/dia (5 mg/kg de peso corpóreo com os três extratos, durante 5 dias. Após o tratamento foi realizada determinação de OPG (ovos por grama de fezes pelo método MacMaster com modificação. Observou-se que o os animais dos grupos tratados com os extratos de L. didymum e M. charantia apresentaram redução significativa (p<0,05 do número de OPG observado, portanto, esses extratos podem ser úteis no tratamento da hemoncose ovina.

  12. INFECTIOUS KERATOCONJUNTIVITIS OUTBREAK IN OVINES DUE TO Moraxella spp IN STATE OF GOIÁS, BRAZIL SURTO DE CERATOCONJUNTIVITE INFECCIOSA EM OVINOS CAUSADA POR Moraxella spp. NO ESTADO DE GOIÁS, BRASIL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nilo Sérgio Troncoso Chaves

    2008-04-01

    Full Text Available

    This article reports an infectious keratoconjuntivitis outbreak in sheeps (OKC situated in Quirinopólis Goiás, where raised 140 ovines for slaughter and from these 100 became ill. <em>Moraxela> bovis isolation was done in culture medium in the Food Analysis Center and Microbiological Latoratory of Veterinary Medicine Department, both from the Veterinary College of Goiás Federal University. The disease focus control envolved the following protocol: 1. hygienics – animal quarantine in low luminosity ambient, rest and appropriate food; 2. medicamentous – eye washing with 0,9% sodium chloride solution followed by application oxytetracyclin chloridrate ophtalmic ointment and intramuscular injection of long-acting oxytetracyclin chloridrate in ill and healthy animals; 3. preventive – use of commercial vacine against OKC and fly control. Recovery of the great part of animals minimized the damages and avoid the disease spreading on this farm and others surrounding properties. In Brazil, there are few studies about OKC outbreaks. The incentive to carry out this study was the scarceness of data related to this serious ocular deasease caused by bacterium <em>Moraxela> spp. in ovines in state of Goiás.
    KEY  WORDS: Keratoconjuntivitis, <em>Moraxella> spp,.sheep.

    Este trabalho descreve um surto de ceratoconjuntivite infecciosa ovina (CCI, em 100 dos 140 ovinos existentes, no município de Quirinópolis, GO. O isolamento da <em>Moraxellaem

  13. Intoxicação por Amorimia spp. em ruminantes Poisoning by Amorimia spp. in ruminants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Amélia Lizziane Duarte

    2013-01-01

    Full Text Available No Brasil, um dos grupos mais importantes de plantas tóxicas é o das que causam morte súbita associada ao exercício. Integram esse grupo, plantas das famílias Rubiaceae, Bignoniaceae e Malpighiaceae. A nomenclatura de algumas plantas da família Malpighiaceae designadas anteriormente como Mascagnia foram reclassificadas dentro do gênero Amorimia. Dentre as espécies tóxicas de Amorimia no Brasil, encontram-se Amorimia amazonica, Amorimia exotropica, Amorimia pubiflora, Amorimia rigida, Amorimia septentrionalis, Amorimia sp. (complexo Mascagnia rigida; Mascagnia aff. rigida e uma planta identificada como Mascagnia sepium, que provavelmente se trata de Amorimia amazonica. Em todas essas espécies, foi determinado que o princípio ativo é o monofluoroacetato de sódio (MFA. Outra espécie tóxica, Amorimia concinna, causa morte súbita em bovinos na Colômbia, mas não tem sido estabelecido que contenha MFA. Atualmente, as únicas alternativas para o controle da intoxicação são a utilização de herbicidas, a remoção manual das plantas ou o uso de cercas para evitar que os animais tenham acesso às plantas. Pesquisas demonstraram a possibilidade de utilizar a técnica de aversão condicionada para evitar que os animais ingiram A. rigida. Foi demonstrado que caprinos aumentam consideravelmente a resistência à intoxicação mediante a ingestão de quantidades não tóxicas de A. septentrionalis ou por transfaunação de conteúdo ruminal de animais resistentes para animais susceptíveis. Bactérias que hidrolisam MFA foram isoladas do solo, de folhas de A. septentrionalis e Palicourea aeneofusca e do rúmen de caprinos, sugerindo que a intoxicação possa ser prevenida pela inoculação intra-ruminal dessas bactérias.In Brazil, one of the most important groups of toxic plants is that which causes sudden death associated with exercise, which comprises plants of the Rubiaceae, Bignoniaceae, and Malpighiaceae families. The nomenclature

  14. PONTES DE MIOCÁRDIO EM OVINOS DA RAÇA IDEAL: FREQÜÊNCIA E LARGURA MYOCARDIC BRIDGES IN OVINES OF THE IDEAL BREED: FREQUENCY AND WIDTH

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renato Souto Severino

    2007-07-01

    Full Text Available Estudaram-se vinte corações de ovinos adultos, de¬zessete machos e três fêmeas, da raça Ideal, sem aparente comprometimento ou doença cardíaca, a freqüência e a largura, bem como a localização, das pontes de miocárdio. Para o estudo macroscópico, os corações tiveram suas ar¬térias coronárias injetadas com solução de Neoprene látex “450”, e após foram fixados em solução aquosa de formol a 10%. Verificou-se que as pontes de miocárdio ocorreram em 100% dos corações observados, com largura variando de 1,10cm a 6,25cm, média de 2,28cm; em ventrículos com altura média de 7,82 cm. Verificou-se também que a maior parte das pontes de miocárdio ocorreu, em 96%, no ramo paraconal da artéria coronária esquerda e em 4 % no ramo circunflexo dessa artéria. PALAVRAS-CHAVES: Anatomia, coração, ovinos, pontes de miocárdio. Twenty hearts of adult ovines, seventeen males and three females had been studied, of the Ideal race, without apparent cardiac pathology, with the objective to observe the frequency and the width, as well as the location, of the myocardium bridges. For the macroscopic study the hearts had had its coronary arteries injected with Neoprene solu¬tion latex 450, and after had been fixed in watery solution of Formol 10%. It was verified that the myocardium bridges had occurred in 100% of the observed hearts, with width varying of 1,10cm 6,25cm, average of 2,28cm; in ventricles with average height of 7,82cm. It was also verified that most of the myocardium bridges had occurred in 96% in the paraconal branch of the left coronary artery and in 4 % in the circumflexus branch of the same one. KEY-WORDS: Anatomy, heart, myocardium bridges, ovines.

  15. Doenças do sistema nervoso central em caprinos e ovinos no semi-árido Diseases of the central nervous system in goats and sheep of the semiarid

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Karla M.R. Guedes

    2007-01-01

    Full Text Available O conhecimento das doenças dos animais domésticos, nas diferentes regiões do Brasil é importante para determinar formas eficientes de profilaxia e controle. Este trabalho tem como objetivo descrever a epidemiologia, sinais clínicos e patologia das enfermidades do sistema nervoso central (SNC de caprinos e ovinos, que ocorreram de janeiro de 2000 a maio de 2006 no semi-árido, principalmente do estado da Paraíba. Durante o período, 365 casos ou surtos foram diagnosticados em caprinos e 270 em ovinos. Desses, 63 (9,92% eram doenças do SNC, sendo 34 (9,31% em caprinos e 29 (10,7% em ovinos. As principais enfermidades foram abscessos (19,04%, tétano (15,9%, raiva (9,52% intoxicação por Ipomoea asarifolia (7,93%, listeriose (6,34%, trauma (6,34%, polioencefalomalacia (4,77%, toxemia da prenhez (3,17%, ataxia enzoótica (3,17% e meningite (3,17%. Outras doenças diagnosticadas numa única oportunidade (1,59% foram intoxicações por Crotalaria retusa, Ipomoea carnea, Ipomoea sericophylla e Prosopis juliflora, otite com encefalite, malformação, linfossarcoma linfoblástico, meduloblastoma e necrose simétrica focal. Em 6,34% dos casos o diagnóstico foi inconclusivo.The knowledge of the diseases of domestic animals in the different Brazilian regions is important to determine measures for their control and prevention. The objective of this paper is to report the epidemiology, clinical signs and pathology of the diseases of the central nervous system (CNS of goats and sheep in the Brazilian semiarid, mainly in the state of Paraíba, diagnosed at the Veterinary Hospital of the Federal University of Campina Grande, from January 2000 to May 2006. During the period, 365 cases or outbreaks were diagnosed in goats and 270 in sheep. From these, 63 (9.92% were of diseases of the CNS, being 34 (9.31% in goats and 29 (10.7% in sheep. The main diseases were abscesses (19.04%, tetanus (15.9%, rabies (9.52% poisoning by Ipomoea asarifolia (7

  16. Função do interferon-tau durante o reconhecimento materno da gestação em ruminantes The role of interferon-tau during maternal recognition of pregnancy in ruminants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alfredo Quites Antoniazzi

    2011-01-01

    Full Text Available O reconhecimento materno da gestação é o período em que o concepto sinaliza sua presença para a mãe. Em ruminantes, este período coincide com o alongamento do embrião e a máxima produção de interferon-tau (IFNT. O IFNT produzido pelo concepto age via parácrina no útero inibindo a expressão dos receptores de estrógenos (ESR1 e de ocitocina (OXTR no epitélio luminal do endométrio, evitando, assim, a liberação de pulsos luteolíticos de prostaglandina F2 alfa (PGF2 , hormonio responsável pelo início da luteólise. Além da sua ação durante o reconhecimento materno da gestação em ruminantes, o IFNT aumenta a expressão de vários genes estimulados por interferons (ISGs no útero, no corpo lúteo (CL e em células sanguíneas. Estudos recentes demonstraram que o IFNT possui ação endócrina no CL ovino e também estende o ciclo estral (pseudo gestação além do dia 32 após a infusão de IFNT recombinante ovino (roIFNT na veia uterina. A comprovação da saída de IFNT do útero pela veia uterina sugere que a ação endócrina do IFNT possa ser um mecanismo complementar ao mecanismo intrauterino de reconhecimento materno da gestação. A ação direta do IFNT em tecidos extrauterinos estimula a expressão de ISGs que, no CL, podem estar envolvidos com a resistência luteal à ação luteolítica da PGF2a.Maternal recognition of pregnancy is the period when the conceptus signals its presence to the dam. In ruminants, it requires conceptus elongation, which coincides with maximum production of interferon-tau (IFNT. Conceptus IFNT acts in a paracrine manner silencing estrogen receptor alpha (ESR1 and oxytocin receptor (OXTR in the luminal epithelium, thus preventing luteolytic prostaglandin F2 alpha (PGF2 pulses. Besides its role during maternal recognition of pregnancy, IFNT induces the expression of several interferon stimulated genes (ISGs in the endometrium, corpus luteum (CL and blood cells. Recently, it was suggested an

  17. CHARACTERIZATION OF RUMINAL AND METABOLIC PARAMETERS IN CAMBS RAISED IN NATIVE PASTURE CARACTERIZAÇÃO DOS PARÂMETROS RUMINAIS E METABÓLICOS DE CORDEIROS MANTIDOS EM PASTAGEM NATIVA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Felix Hilário Diaz González

    2007-12-01

    Full Text Available

    The objective was aimed at with this work to charac-terize the parameters in ruminal and metabolic parameters in weaned lambs kept in native pasture. Ten lambs were used – five males and five females – with average body weights medium of  26 kg and 22.5 kg, respectively, and ages between 75 and 95 days old. Lambs were weaned and permanently kept in native pasture. Samples of ruminal fluid were collected during eight weeks, and nine collects. Oxidation-reduction, time of sedimentation-flotation, pH, color, odor, viscosity and motility of protozoa were evaluated. Blood samples were also collected to determine metabolic profiles through concentrations of glucose, triacylglycerids, cholesterol, urea, albumin, aspartate amino transferase and γ-glutamil transferase. Ruminal parameters did not differ between gender at α = .05 except for pH which was higher (P < .05 in females (6.90 than in males (6.80. A similar result was observed in the metabolic parameters, with no statistically significant difference between genders at α = .05. However, albumin concentration was higher on males (2.10mg/dL than in females (2.02mg/dL. The results suggest that males and females have similar ruminal and metabolic profiles except for a higher pH in females and a higher albumin concentration in males.

    Key-words: Metabolism, sheep, native pastura, rumen.

    Objetivou-se com este trabalho caracterizar os parâmetros ruminais e metabólicos de cordeiros machos e fêmeas, os quais foram mantidos em pastagem nativa. Utilizaram-se dez cordeiros, sendo cinco machos e cinco fêmeas, com peso médio ao desmame de 26 ±5,43 e 22,5 ± 4,06 kg, respectivamente, com idades entre 75 e 95 dias. Após o desmame, os animais foram mantidos permanentemente em pastagem nativa, por um período de oito semanas. Efetuaram-se nove coletas de amostras de fluido rumina, para determina

  18. Prevalence of Oestrus ovis (Diptera: Oestridae in sheep from the São Paulo Central region, Brazil Prevalência de Oestrus ovis (Diptera: Oestridae em ovinos da região Central de São Paulo, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruna Fernanda da Silva

    Full Text Available The heads of 139 slaughtered sheep were examined with the aim of determining Oestrus ovis prevalence and infestation intensity in the central region of the State of São Paulo, Brazil. Heads from slaughtered sheep were examined and the first (L1, second (L2 and third (L3 O. ovis larval instars were recovered from the nasal and sinus cavities. O. ovis larvae were detected in 13.7% of the sheep analyzed. The monthly mean intensity of infestation ranged from 1 to 10.2 larvae per infested head, with general mean intensity of 4.5 larvae/infested head. Of the total of 85 larvae, 21.2% were L1, 37.6% L2 and 41.2% L3. In conclusion, all different O. ovis larvae instars were recovered from slaughtered animals, which demonstrates the existence of favorable climatic conditions for the fly activity and larval development of O. ovis in sheep raised in the Central region of the State of São Paulo.Com o objetivo de determinar a prevalência e intensidade de infestação por larvas de Oestrus ovis na região Central do Estado de São Paulo, 139 cabeças de ovinos obtidas de um abatedouro foram examinadas. As larvas O. ovis foram recuperadas da cavidade nasal e seios frontais, identificadas de acordo com o estádio larval e quantificadas. As larvas de O. ovis foram detectadas em 13,7% das cabeças examinadas e a intensidade média mensal de infestação variou entre 1 a 10,2 larvas/cabeça infestada, com média geral de 4,5 larvas/cabeça infestada. Do total de 85 larvas recuperadas, 21,2% eram larvas de primeiro estádio (L1, 37,6% de segundo (L2 e 41,2% de terceiro (L3. Em conclusão, todos os diferentes instares larvais de O. ovis foram recuperados de animais abatidos, o que demonstra a existência de condições climáticas favoráveis para a atividade da mosca bem como o desenvolvimento larval em ovinos criados na região Central do Estado de São Paulo.

  19. Determinação de cobre e outros minerais em caprinos e ovinos criados no sertão do vale do rio São Francisco, Pernambuco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Salvador S. Silva Júnior

    2015-09-01

    Full Text Available Resumo: Para a determinação dos teores de cobre e de seus antagonistas, foram utilizadas 160 amostras de soro e de fígados, de caprinos e ovinos enviados ao matadouro municipal de Petrolina. As amostras de fígado e soro foram correlacionadas para o mesmo animal, a fim de evitar erros na obtenção dos dados. No soro a atividade da ceruloplasmina foi determinada por método colorimétrico. Para a determinação dos minerais, as amostras foram diluídas de seis a vinte vezes com água Milli-Q. Para determinação das concentrações dos elementos minerais no fígado, as amostras foram digeridas até que se obtivesse uma solução que mantivesse os minerais da amostra inicial e que fosse totalmente liquida, sem a presença de partículas sólidas que pudessem obstruir os capilares de sucção do espectrômetro e assim impedir as leituras das amostras. As concentrações de cobre, molibdênio, ferro e zinco foram determinadas através de espectrometria óptica por emissão de plasma (ICP. Desta forma, foi conduzido o experimento objetivando determinar a ocorrência e distribuição da carência de cobre no território do sertão do vale do rio São Francisco em Pernambuco. Foi observado que não houve carência de cobre nesta região do estado de Pernambuco, quando se avaliou os níveis médios de cobre hepático,. Os níveis de zinco estavam dentro de um padrão de normalidade, enquanto que os níveis de ferro foram mais elevados em ovinos, e os níveis de molibdênio mais reduzidos em caprinos. Verificou-se também que a atividade de ceruloplasmina foi um indicador dos níveis séricos de cobre.

  20. Comportamento ingestivo e parâmetros sanguíneos em ovinos que receberam dietas contendo aditivos à base de extratos de própolis em

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    O.P. Prado-Calixto

    Full Text Available RESUMO Objetivou-se avaliar os efeitos do extrato de própolis (LLOSC2 sobre o comportamento ingestivo e os parâmetros sanguíneos em cordeiros alimentados com dieta concentrada. Foram utilizados quatro cordeiros machos, castrados, sem raça definida e com peso médio inicial de 32±1,92kg, mantidos em gaiolas metabólicas individuais durante todo o período experimental. O delineamento experimental foi em quadrado latino 4x4, com quatro animais, quatro dietas e quatro períodos experimentais. As dietas diferiram em relação à adição ou não de extratos de própolis à ração. As dietas testadas diferiam na adição de zero (controle, 1(88,16mg/g de flavonoides, duas (176,32mg/g de flavonoides ou três (264,48mg/g de flavonoides doses de aditivo à base de extrato de própolis LLOSC2. A dieta tinha relação volumoso:concentrado de 40:60 e foi formulada para ganhos de 250g. A ração concentrada era composta de milho e farelo de soja. O comportamento ingestivo dos animais foi observado por 24 horas, divididas em quatro períodos de seis horas. As coletas de sangue eram realizadas no último dia do período. Não houve efeito das doses LLOSC2 sobre o tempo despendido em alimentação, ruminação, ócio e ingestão de água. A duração do ciclo ruminativo foi maior nos animais que receberam duas doses de LLOSC2, e o número de movimentos mastigatórios também tendeu a aumentar no período que compreendia das 13 às 19h. Já a dieta contendo uma dose de LLOSC2 aumentou a duração da ruminação do bolo bem como o seu número total de mastigações no período de uma a sete horas. Houve uma diminuição nos níveis séricos de cortisol com a adição de três doses de LLOSC2. O hemograma, o leucograma, o perfil bioquímico e as imunoglobulinas não foram afetados pela inclusão das doses de LLSOC2. A administração de extrato de própolis LLOSC2 à dieta de ovinos não afetou seu comportamento ingestivo, os parâmetros hematol

  1. Rentabilidade da produção de ovinos de corte em pastagem e em confinamento Economic return of sheep production on pasture and in feedlot

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carina Simionato de Barros

    2009-11-01

    Full Text Available Os objetivos neste trabalho foram analisar a viabilidade econômica de sistemas de produção de cordeiros e identificar os componentes de maior influência no custo de produção. O estudo foi realizado em duas etapas. Na etapa 1, realizou-se a comparação de quatro sistemas de terminação de cordeiros: 1 desmame aos 60 dias e terminação em pasto; 2 cordeiro com mãe em pasto; 3 cordeiro com mãe em pasto e concentrado (1% PC/dia em creep feeding; e 4 desmame aos 60 dias e confinamento. Na etapa 2, um módulo de 150 ovelhas em 9 ha de pasto cultivado nos sistemas em pastagem e 7 ha no confinamento foi proposto a partir do experimento para avaliações econômicas, considerando a venda de cordeiro vivo terminado ou abate e venda de carne, além da venda de matrizes. Foram realizados cálculos de custo fixo (depreciação, variável (materiais, mão-de-obra, transporte, abate, juros, conservação, despesas gerais e total (fixo+variável, lucratividade e rentabilidade, valor presente líquido, taxa interna de retorno e custo/benefício. O maior custo total foi observado no confinamento e o menor, no sistema de cordeiro terminado com a mãe em pasto. A margem líquida na venda de cordeiros foi negativa em todos os sistemas. A venda de carne apresentou margem líquida negativa apenas para terminação em confinamento. A taxa interna de retorno para venda de carne foi: 1,4% no desmamado em pasto; 4,3% no de cordeiro com mãe em pasto; 2,1% no creep feeding; e -2,3% no confinamento. Os componentes do custo operacional total com maior influência sobre o custo de produção nos sistemas a pasto, em ordem decrescente, foram mão-de-obra e alimentação; no confinamento, foram alimentação e mão-de-obra. A venda da carne apresentou lucratividade maior que a venda de cordeiro vivo, com maior valor no sistema sem desmame terminado na pastagem.The objectives of this study were to analyze the economic viability of meat lamb production systems and

  2. Etiologia e perfil de sensibilidade antimicrobiana dos isolados bacterianos da mastite em pequenos ruminantes e concordância de técnicas empregadas no diagnóstico Etiology and profile of antimicrobial sensitivity of bacteria from small ruminant mastitis and relationship of diagnostic techniques

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodolfo de M. Peixoto

    2010-09-01

    Full Text Available A mastite é a inflamação da glândula mamária que acomete raças de aptidão leiteira como também aquelas voltadas para produção de carne. Esta enfermidade ocasiona sérias alterações na produção de leite e na sua qualidade, redução no ganho de peso e mortalidade de cordeiros. O presente estudo teve por objetivo conhecer os principais agentes causadores de mastite em ovinos e caprinos, bem como a sua susceptibilidade aos agentes antimicrobianos, além de avaliar o grau de concordância entre testes diagnósticos. Foram visitadas 25 propriedades durante a realização do experimento, sendo criatórios de caprinos, ovinos e rebanhos mistos, nos estados de Pernambuco e Bahia. Coletou-se leite de 439 caprinos e 76 ovinos. Foi realizada lactocultura, o California Mastitis Test (CMT e o teste de sensibilidade aos antimicrobianos. Além disso, determinou-se o grau de concordância entre os testes diagnósticos empregados. Foi constatada uma maior freqüência de Staphylococcus spp. nos casos de mastite em caprinos e ovinos, sendo observado ainda, isolados de Streptococcus spp., Corynebacterium spp. e bacilos gram negativos (BGN. Os isolados apresentaram alta sensibilidade aos antimicrobianos testados, sendo o menor percentual de sensibilidade observado para o ácido nalidíxico. Em relação ao diagnóstico da mastite caprina, a análise comparativa entre o exame microbiológico e o CMT demonstrou um grau de concordância igual a K=0,17, enquanto que para a espécie ovina, este valor foi de K=0,22. A utilização do CMT para o diagnóstico da mastite subclínica em cabras e ovelhas deverá ser associado à técnica da lactocultura.Mastitis is an inflammation of mammary gland, that are important in milking breed as well in meat ones. It is associated with serious reduction in milk production and quality, lambs weight gain reduction and mortality The goal of this work was determine the major etiologic agents of goat and sheep mastitis, as

  3. Crystal-associated cholangiopathy in sheep grazing Brachiaria decumbens containing the saponin protodioscin Colangiopatia associada a cristais em ovinos alimentados com Brachiaria decumbens que contém a saponina protodioscina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Karine B. Brum

    2007-01-01

    Full Text Available An outbreak of hepatogenous photosensitization is reported in a flock of 28 sheep grazing Brachiaria decumbens in Mato Grosso do Sul State, Central-Western Brazil. Seven lambs and an adult sheep were affected and 6 of them died. Two surviving affected lambs and one lamb without clinical signs had increased serum values of gamma glutamyltransferase, bilirubin, and cholesterol. In two adult unaffected sheep those parameters were within normal values. An adult sheep submitted to necropsy presented moderate body condition, unilateral corneal opacity, drying of the muzzle, moderate jaundice, increased lobular pattern of the liver, and a distended gallbladder. Histological lesions were epithelial degeneration, necrosis, and hyperplasia of small bile ducts. Mild amounts of foamy macrophages were observed, mainly in the centroacinar zone. Diffuse swelling and vacuolation were observed in hepatocytes. Crystal negative images were found within bile ducts, foamy macrophages, and the lumen of some renal tubules. The heart showed multifocal areas of degeneration and necrosis of the muscle fibers. Pasture samples (Brachiaria decumbens contained 2.36% of protodioscin. No Pithomyces chartarum spores were found in the pasture. Samples from a similar neighboring B. decumbens pasture grazed by cattle without photosensitization contained 1.63% of protodioscin isomers. Outbreaks of photosensitization caused by Brachiaria spp. are common in cattle in the Brazilian Cerrado (savanna with about 51 million hectares of Brachiaria spp pastures. Sheep farming has been recently developed in this region, and the number of sheep is increasing significantly. Because sheep are more susceptible than cattle to lithogenic saponins, poisoning by Brachiaria should be an important limiting factor for the sheep industry.Um surto de fotossensibilização hepatógena é descrito em um rebanho de 28 ovinos mantidos em pastagem de Brachiaria decumbens no Estado de Mato Grosso do Sul, regi

  4. Epidemiologia e sinais clínicos da conidiobolomicose em ovinos no Estado do Piauí Epidemiology and symptoms of conidiobolomycosis in sheep in the State of Piauí, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvana M.M.S. Silva

    2007-04-01

    Full Text Available Foi realizado um estudo de ocorrência da conidiobolomicose ovina em 25 rebanhos no Estado do Piauí, de janeiro de 2002 a dezembro de 2004. A enfermidade acometeu apenas ovinos e ocorreu principalmente em abril-julho. A incidência média anual foi de 2,80% e a incidência semestral foi significativamente mais alta (P Conidiobolomycosis is reported in 25 farms, from January 2002 to December 2004, in the state of Piauí. The disease affects only sheep, mainly in April-June. The mean morbidity rate was 2.80%, but was higher in the first semester (2.1%, during the raining period, than in the second one (0.69%, during the dry period. Morbidity rate among flocks varied from 0.1-14.3%. Case fatality rate was 100%, and the clinical manifestation period varied from 1-5 weeks. Clinical signs were serous, mucous and/or bloody nasal secretion, respiratory distress, snoring respiration, cranium-facial asymmetry, exophthalmia, fever and progressive emaciation. Marked depression, sometimes with the head down or head pressing was observed in some cases. Gross, microscopic and ultrastructural lesions and identification of the agent are reported elsewhere. This is the first report of conidiobolomycosis in Brazil, which is endemic and has a high frequency in sheep in the State of Piauí, associated with high rainfalls (1000-1600mm annually and high temperature (19-36ºC.

  5. Predação e canibalismo entre protozoários ciliados (Ciliophora: Entodiniomorphida: Ophryoscolecidae no rúmen de ovinos (Ovis aries Predation and cannibalism among ciliate protozoans (Ciliophora: Entodiniomorphida: Ophryoscolecidae in the rumen of sheep (Ovis aries

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Isabel Martinele

    2008-09-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi registrar ocorrências de predação e canibalismo em protozoários ciliados no rúmen de ovinos. Foram analisadas amostras de conteúdo ruminal de cinco ovinos mestiços Santa Inês, fistulados no rúmen, mantidos em pastagem natural de caatinga, no município de Sertânia, Pernambuco. Foram obtidas seis amostras de conteúdo ruminal de cada ovino, totalizando 30 amostras, as quais foram fixadas em formalina 18,5% (v/v. De cada amostra foi retirada uma alíquota de 1 ml de conteúdo ruminal ao qual se adicionaram três gotas de solução de lugol para a coloração e identificação dos protozoários ciliados. Estas alíquotas foram analisadas utilizando-se lâminas e lamínulas, em campos determinados randomicamente. Constatou-se a ocorrência de interações do tipo predador-presa entre ciliados de Ophryoscolecidae Stein, 1859, onde Elytroplastron bubali (Dogiel, 1928 apresentou comportamento predatório sobre Enoploplastron triloricatum (Dogiel, 1925 e sobre outras espécies de Epidinium Crawley, 1923 e de Entodinium Stein, 1859. Foram ainda observados casos de canibalismo entre espécimes de E. bubali, o que consiste no primeiro registro deste tipo de interação nesta espécie. Registra-se, ainda, pela primeira vez a ocorrência de E. bubali no rúmen de ovinos no Brasil.The objective of the present study was to record the occurrence of predation and cannibalism among ciliate protozoans in the rumen of sheep. The analyzed samples consisted of ruminal contents of five fistulated Santa Inez crossbred sheep, maintained in a natural caatinga (scrubland pasture in the municipality of Sertânia, Pernambuco. Six samples of ruminal content were obtained from each sheep (total of 30 samples and fixed in formalin at 18.5% (v/v. One 1 ml aliquot was obtained from each sample of ruminal content and received tree drops of a lugol solution for staining and identification of protozoa ciliates. These aliquots were analyzed in

  6. Intake and digestibility of diets containing castor bean meal detoxified to finish of sheep Consumo e digestibilidade de dietas contendo farelo de mamona destoxificado para ovinos em terminação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcônio Martins Rodrigues

    2011-03-01

    Full Text Available The effect of including detoxified castor bean meal to substitute soy bean meal was evaluated to sheep finishing diets on intake, digestibility and energy value of the diets. A positive linear effect was verified for ether extract intake and acid detergent fiber with an intake raise of 0.015 g/BW0.75 in ether extract and 0.090 g/BW0.75 in acid detergent fiber per each unit percentage of detoxified castor bean meal added to the diet. There was maximun value in hemicellulose intake when included 39.55% of detoxified castor bean meal to the diet. Negative linear effect was verified for dry matter, organic matter, crude protein, total carbohydrates digestibility, respectively, with 0.0536, 0.0507, 0.0705 and 0.0572% decreases per unit percentage of detoxified castor bean meal added. Positive quadratic effect was verified for neutral detergent fiber and hemicellulose digestibility with 54.93 and 64.53% maximum in levels of the 38.6 and 31.4, respectively. Detoxified castor bean meal inclusion does not influence dry matter and nutrients intake, attending these animal class nutritional requirements. Including detoxified castor bean meal decreases dry mater, organic matter, crude protein, total carbohydrates digestibility, being in this situation recommended the inclusion of to 33% in the diet by allowing high neutral detergent fiber and hemicellulose digestibility. Despite these effects, the energy value of the diets is not influenced by the inclusion of detoxified castor bean meal.Avaliou-se a substituição do farelo de soja pelo farelo de mamona destoxificado em dietas para ovinos em terminação. O consumo de extrato etéreo e fibra em detergente ácido foi linear positivo, com aumento de 0,015 e 0,090g/UTM por unidade percentual de inclusão de farelo de mamona destoxificado, respectivamente. O consumo máximo de hemicelulose ocorreu para dietas que continham 39,55% de farelo de mamona destoxificado. A digestibilidade da matéria seca, mat

  7. Outbreaks of rhinofacial and rhinopharyngeal zygomycosis in sheep in Paraíba, northeastern Brazil Surtos de zigomicose rinofacial e rinofaríngea em ovinos na Paraíba

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Franklin Riet-Correa

    2008-01-01

    . Outbreaks of both forms of mycotic rhinitis are common in northeastern Brazil and in other regions of the country.Dois surtos de lesões rinofaciais e dois de lesões rinofaríngeas causadas por fungos com hifas filamentosas, raramente septadas, semelhantes às dos fungos entomophthorales, são descritos no Estado da Paraíba. Um surto da forma rinofacial afetou 5 ovinos durante a estação chuvosa. Outro surto desta forma clínica afetou um ovino de um grupo de 40, durante a época seca. Os sinais clínicos da forma rinofacial foram de corrimento serosanguinolento bilateral, com aumento de volume das narinas, lábio superior, e pele da face. Na necropsia, a mucosa nasal apresentava áreas ulceradas de cor marrom escuro, que se estendiam desde a região muco-cutánea até 10cm dentro do vestíbulo nasal. A mucosa do palato duro estava, também, ulcerada. A superfície de corte das narinas e palato apresentava-se marrom ou avermelhada de aspecto esponjoso e friável. Um surto de rinofaringite micótica ocorreu em uma plantação de coco irrigado, afetando 7 ovinos de um rebanho de 60 ovinos adultos. Outro surto desta forma da enfermidade afetou um único animal de um rebanho de 80, durante a época seca. Os animais apresentavam dispnéia, com respiração ruidosa devida ao bloqueio parcial das narinas, e corrimento nasal serosanguinolento. Seis dos oito animais afetados por esta forma da enfermidade apresentaram, em um olho, exoftalmia, ceratite e ulceração da córnea. Todos os ovinos morreram ou foram sacrificados após um curso clínico de 7-30 dias. Na necropsia exsudato amarelo consistente foi observado na região etmoidal, ossos turbinados, seios paranasais, palatos duro e mole, órbita, faringe, e músculos e linfonodos regionais. No estudo histológico, ambas as formas da doença mostraram granulomas multifocais com áreas necróticas eosinofílicas (material de Splendore-Hoeppli contendo hifas com 7-30mim de diâmetro, raramente septadas, semelhantes às dos fungos

  8. Avaliação da região corpórea e dose da tuberculina no diagnóstico imunoalérgico em ovinos (Ovis aries) experimentalmente sensibilizados com inóculo inativado de Mycobacterium bovis

    OpenAIRE

    Yuri,D.M.R.S; S.R. Pinheiro; E. ROXO; Mota,P.M.P.C.; Jordão,R.S; F.J. Benesi

    2012-01-01

    O objetivo foi a investigação do local de aplicação do derivado proteico purificado (PPD) bovino, empregado no teste imunoalérgico da tuberculose, em 15 ovinos (Ovis aries) experimentalmente sensibilizados com Mycobacterium bovis AN5. A partir da melhor resposta obtida na fase de identificação da região corpórea, avaliou-se a dose de PPD bovino a ser aplicada. Decorridos 60 dias da sensibilização, o PPD bovino foi aplicado em cinco distintas regiões corpóreas (cervical média, torácica dorsal,...

  9. Nematódeos resistentes a anti-helmíntico em rebanhos de ovinos e caprinos do estado do Ceará, Brasil Nematodes resistant to anthelmintics in sheep and goat flock in the State of Ceará, Brazil

    OpenAIRE

    Ana Carolina Fonseca Lindoso Melo; Iarle Feitosa Reis; Claudia Maria Leal Bevilaqua; Luiz da Silva Vieira; Flávio Augusto Menezes Echevarria; Luciana Magalhães Melo

    2003-01-01

    O controle do parasitismo por nematódeos gastrintestinais é feito basicamente com a utilização de anti-helmínticos. Falhas no controle são o primeiro sinal do aparecimento de resistência anti-helmíntica. A real situação da prevalência da resistência anti-helmíntica, em fazendas comerciais de criação de ovinos e caprinos no Brasil, é desconhecida. Esse experimento teve como objetivo, estimar a ocorrência de resistência ao oxfendazol, levamisol e ivermectina em propriedades comerciais de criaçã...

  10. Biometria da cabeça e da cavidade craniana de ovinos deslanados sem raça definida (Ovis aries LINNAEUS, 1758) em Petrolina/Pernambuco, Brasil

    OpenAIRE

    Fernando Santos Costa; Rafael Torres de Souza Rodrigues; Carlos Wagner de Souza Wanderley; Joaquim Pereira Neto; Marcelo Domingues de Faria

    2011-01-01

    A espécie ovina é largamente utilizada na região Nordeste do Brasil por apresentar alta rusticidade. No entanto, sua anatomia ainda é pouco estudada. Assim, crescem os estudos para gerar subsídios técnico-científicos àqueles profissionais que trabalham com as áreas aplicadas da Medicina Veterinária e afins. O objetivo do presente estudo foi estabelecer correlações entre as dimensões da cabeça e da cavidade craniana, utilizando 80 ovinos, 40 machos e 40 fêmeas, com média de peso entre 27,0 e 3...

  11. First report of coenurosis in sheep in the State of Mato Grosso do Sul, Brazil Primeiro relato de cenurose em ovinos no Estado de Mato Grosso do Sul, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Arévalo Batista

    2010-12-01

    Full Text Available This paper reports the first case of coenurosis in the State of Mato Grosso do Sul, Brazil. This disease is caused by the larval stage of the tapeworm Taenia multiceps (Leske, 1780. The animal in which the disease was diagnosed was an 18-month-old ewe from an endemic area of Southern Brazil as an imported animal among a group of 30 sheep. The clinic-pathological condition was that commonly found in herbivores affected by the disease, especially sheep. Apathy, nystagmus, intermittent blindness, circling and pressing head against obstacles were the neurological signs reported. The necropsy showed that a brain lesion in the subcortex of the right hemisphere was a bladder-like cyst measuring 4 cm in diameter filled with a translucent fluid with a large number of white spherules (protoscolices floating. In addition to the identification of the Coenurus cerebralis protoscolices, the brain tissue lesion was histopathologically described.Este trabalho relata o primeiro caso de cenurose no Estado de Mato Grosso do Sul, Brasil. Essa doença é causada por estágios larvais de Taenia multiceps (Leske, 1780. O animal no qual foi diagnosticado, tinha cerca de 18 meses de idade, oriundo de uma área endêmica no Sul do Brasil, integrante de um grupo de 30 ovinos importados para o Estado de Mato Grosso do Sul. O quadro clínico-patológico apresentado é aquele comumente descrito para herbívoros, infectados com o agente, especialmente ovinos. Os sinais clínicos relatados foram: apatia, nistagmo, cegueira intermitente, andar em círculos e pressão da cabeça contra obstáculos. Na necropsia foi observada uma lesão, no subcórtex do hemisfério cerebral direito, caracterizada por um cisto em forma de vesícula, medindo 4 cm de diâmetro, e seu interior preenchido por líquido translúcido com grande número de pequenas esferas brancas, identificadas como protoscolices. Os protoscolices foram identificados como Coenurus cerebralis, e os tecidos do c

  12. Progresso científico em pequenos ruminantes na primeira década do século XXI Scientific progress in small ruminants in the first decade of 21st century

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kléber Tomás de Resende

    2010-07-01

    Full Text Available O interesse pelos pequenos ruminantes aumentou nos últimos anos sob os aspectos produtivo e científico. No Brasil, caprinos e ovinos são os que despertam maior interesse econômico. Assim, este trabalho foi conduzido com o objetivo de discutir o progresso científico com caprinos e ovinos nos últimos dez anos. Foram pesquisadas várias bases de dados, entre elas as do Institute for Scientific Information (ISI, da Scientific Electronic Library Online - SciELO, da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE e da Food and Agriculture Organization of the United Nations - FAO. Na última década, os pequenos ruminantes têm merecido especial atenção dos pesquisadores, o que pode ser comprovado pelo aumento de 41% nas publicações mundiais envolvendo estas espécies, o que foi acompanhado por aumento ainda mais expressivo, 219%, em âmbito nacional. A evolução também foi observada sob os aspectos metodológicos dos projetos, ressaltando a abordagem multidisciplinar nas pesquisas mais atuais. Nos últimos dez anos, houve crescimento do aporte de recursos para editais temáticos demandados pela sociedade e pela cadeia da carne e do leite, além da preocupação com qualidade, competitividade e sustentabilidade.Worldwide interest in small ruminants has increased in recent years in both, the productive and scientific aspects. In Brazil, the same trend has been observed, however, among all small ruminants, goats and sheep can be highlighted. Thus, this review aimed to discuss scientific progress in goat and sheep in the last decade. Data were collected in different databases, such as Institute for Scientific Information (ISI, Scientific Electronic Library Online - SciELO, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE and Food and Agriculture Organization of the United Nations

  13. Análise econômica da produção de ovinos em lotação rotativa em pastagem de capim tanzânia (Panicum maximum (Jacq

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria de Fátima Vidal

    2006-12-01

    Full Text Available A ovinocaprinocultura possui elevada importância socioeconômica no Nordeste, entretanto, o baixo potencial genético dos rebanhos, associado à escassez de pastos na estação seca, condiciona baixos índices de produtividade e rentabilidade. A formação de pastagem cultivada é uma forma de nivelar a capacidade de suporte durante o ano. O trabalho proposto objetiva aumentar a produtividade, expandir a renda e incentivar o produtor a investir em novas técnicas produtivas. Foram utilizados 100 ovinos mestiços (Santa Inês x SRD e empregados três períodos de descanso do pasto: tratamento 1 - tempo para formação de 1,5 folha por perfilho em média; tratamento 2 - tempo para formação de 2,5 folhas, e tratamento 3 - tempo para formação de 3,5 folhas. A análise foi feita com base em 1,3 e 5 hectares com utilização de cerca de tela e elétrica. Foram utilizadas como medidas de eficiência: relação benefício custo, valor presente líquido, taxa interna de retorno, e análise de sensibilidade. O tratamento com 2,5 folhas com exploração de no mínimo 5 hectares apresentou o melhor resultado econômico, biológico e ambiental. Para que haja retorno econômico há necessidade de utilização de animais de ótimo potencial genético e de se explorar áreas superiores a 5 hectares.The breeding of ovine and caprine possess high partner-economic importance in the Northeast, however, the low genetic potential of the herds, as well as the scarcity of pastures during the dry season, limits the productivity and lucrativeness indices to a low level. The use of cultivated pastures is a way to maintain in high level the carrying capacity of the pasture over the year. This work was conducted with the aim of increase the productivity, expand the income and stimulate the producer to invest in new productive techniques. 100 Sem Raça Definida sheep and three periods were used. The rest period consisted of: treatment 1 - time for expansion of 1.5 new

  14. Farelo da vagem de algaroba associado a níveis de ureia na alimentação de ovinos: balanço de nitrogênio, N-ureico no plasma e parâmetros ruminais - doi: 10.4025/actascianimsci.v34i3.12759 Mesquite pod meal associated with levels of urea on feeding sheep: nitrogen balance, plasma urea-N and ruminal parameters - doi: 10.4025/actascianimsci.v34i3.12759

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Gonsalves Neto

    2012-05-01

    Full Text Available Objetivou-se neste trabalho avaliar os efeitos da inclusão de ureia em dietas contendo farelo da vagem de algaroba sobre o balanço de nitrogênio, N-uréico no plasma e parâmetros ruminais em ovinos. Foram utilizados oito animais, machos castrados, com peso médio de 33,5 kg, distribuídos em dois quadrados latinos 4 x 4. Os tratamentos constituíram da inclusão de níveis de ureia na dieta, sendo: 0; 0,5; 1,0 e 1,5% da MS total. A dieta foi fornecida como dieta total na relação volumoso:concentrado de 40:60 com base na MS total da dieta. Foi realizada a coleta total de urina e fezes e determinada a excreção de nitrogênio. Foi coletado sangue, seguido com a extração do plasma e determinação do N-uréico. Para avaliação do pH e N-amoniacal no líquido ruminal foram utilizados quatro animais fistulados no rúmen. A ingestão de N (31,68 g/dia e perdas vias fecal (7,94 g/dia e urinária (9,95 g/dia não sofreram alteração. As concentrações de N-amoniacal e N-uréico no plasma aumentaram de forma linear. O pH ruminal foi semelhante entre os tratamentos. A inclusão de uréia não influencia o balanço de nitrogênio, porém eleva as concentrações de N-amoniacal no rúmen e N-uréico no plasma podendo influenciar o gasto de energia no organismo.The goal of this study was to evaluate the effects of including urea in diets containing mesquite pod meal on nitrogen balance, plasma urea-N and ruminal parameters. Eight gelded males, with mean weight of 33.5 kg, were divided into two 4 x 4 Latin squares. Treatments consisted of following urea levels in diet: 0, 0.5, 1.0 and 1.5% of total dry matter. The diet was provided as total diet a 40:60 forage: concentrate ratio based on total diet DM. Total urine and feces were collected and nitrogen excretion was determined. Blood was collected, followed by plasma extraction and quantification of urea nitrogen. To evaluate pH and ammonia-N in rumen fluid, four rumen fistulated animals were used

  15. Envenenamento experimental por Bothropoides jararaca e Bothrops jararacussu em ovinos: aspectos clínico-patológicos e laboratoriais Experimental poisoning by Bothropoides jararaca and Bothrops jararacussu in sheep: clinic-pathological and laboratory aspects

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Aragão

    2010-09-01

    Full Text Available Esse estudo teve como objetivo determinar as alterações clínico-patológicas e laboratoriais em ovinos inoculados com a peçonha de Bothropoides jararaca e Bothrops jararacussu, no intuito de fornecer subsídios que possam facilitar o estabelecimento do diagnóstico e do diagnóstico diferencial dessa condição. Os venenos liofilizados foram diluídos em 1 ml de solução fisiológica e administrados a quatro ovinos por via subcutânea. Três ovinos foram a óbito e um que recebeu a dose de 0,5mg/kg (B. jararaca, recuperou-se. Os sinais clínicos tiveram início entre 7 minutos e 1 hora. O período de evolução variou de 7 horas 9 minutos a 21 horas 59 minutos. O quadro clínico, independentemente das doses, caracterizou-se por aumento de volume no local da inoculação, tempo de sangramento e de preenchimento capilar aumentados, taquicardia, dispnéia, mucosas hipocoradas e apatia. Os exames laboratoriais revelaram acentuada anemia normocítica normocrômica, trombocitopenia, acentuada redução de fibrinogênio e proteínas plasmáticas totais, hematócrito diminuído em dois animais, além de acentuado aumento de creatinaquinase e desidrogenase lática em todos os animais. À necropsia, os principais achados no local da inoculação e tecidos adjacentes eram extensas hemorragias no animal que recebeu o veneno de B. jararaca e edema e acentuado edema pulmonar agudo para os dois animais envenenados por B. jararacussu. Além de hemorragia e edema a principal alteração histopatológica verificada foi necrose das fibras musculares e de vasos, no local de inoculação e adjacências. A necrose tubular renal foi atribuída ao quadro de choque. Nos ovinos deste estudo, o aumento de volume observado no local de inoculação e adjacências era constituído predominantemente por sangue (B. jararaca e por edema (B. jararacussu.The purpose of this study was to establish the clinic-pathological and laboratory changes in sheep inoculated with

  16. Toxoplasma gondii antibodies sheep in Lages, Santa Catarina, Brazil, and comparison using IFA and ELISA Anticorpos toxoplásmicos em ovinos de Lages, Santa Catarina, Brasil, e comparação utilizando RIFI e ELISA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francine Bragagnolo Liz Stefen Sakata

    2012-09-01

    Full Text Available Toxoplasmosis in sheep is a disease of great importance in veterinary medicine, which causes economic losses in livestock and has a great impact on human health, since consumption of infected meat facilitates transmission of zoonotic infections. Blood samples from sheep (n = 360 were collected from 13 farm properties in the municipality of Lages, Santa Catarina, to estimate the prevalence of toxoplasmosis and identify risk factors associated with Toxoplasma gondii infection. T. gondii, antibodies were investigated by means of the indirect immunofluorescence assay (IFA and enzyme-linked immunosorbent assay (ELISA. Animals infected with T. gondii were found on 100% of the farms. IFA detected 56.9% (205/360 and ELISA 42.5% of the infected sheep. Breed was the only risk factor associated with the presence of T. gondii antibodies. ELISA showed sensitivity of 61%, specificity of 82% and kappa of 0.41, which was considered moderate. This allows use of ELISA as an alternative technique for diagnosing T. gondii in sheep.A toxoplasmose ovina é uma doença parasitária de elevada importância em medicina veterinária e em saúde pública, acarretando prejuízos na produção animal, gerados pelas perdas reprodutivas e econômicas, além de sua implicação na saúde humana, já que o consumo de carne infectada facilita a transmissão zoonótica. Para determinar a prevalência e identificar fatores de risco para a infecção por T. gondii em ovinos de Lages, Santa Catarina, amostras de sangue (n = 360 foram coletadas em 13 propriedades. Cada criador respondeu a um questionário para permitir a identificação dos fatores de risco da infecção. A pesquisa de anticorpos foi realizada por meio da Reação de Imunofluorescência Indireta (RIFI > 64 e do Ensaio Imunoenzimático Indireto (ELISA. Em 100% das propriedades foram encontrados animais positivos. Pela RIFI, 205 (56,94% ovinos apresentaram anticorpos contra T. gondii e pelo ELISA, 153 (42

  17. Survey on the occurrence of brachygnathism in goat and sheep herds in five towns of the region surrounding Irecê (BA Levantamento da ocorrência de bragnatia em caprinos e ovinos, encontrada em cinco municípios da microrregião de Irecê (BA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aparecida Argolo Wicke

    2008-07-01

    Full Text Available

    The anomalies happened in the jaw are of genetic character, therefore its presence in the herd should be prevented, therefore this provokes difficulties in the apprehension and chewing of the foods, what can take the animal to serious alimentary deficiencies and until the death. This work has as on objective to verify the presence or not of goat and sheep with that anomaly. 5.221 animals in five towns of the region surrounding of the Irecê had been evaluated. It was verified presence of those anomalies in 107 animals (2.05%, being 53 (1.02% cases of Retrognathism and 54 (1.03% cases of Prognathism. These found values had been considered of low occurrence although not to have other works of goat and sheep similar surveys in being made the comparison.

     

    KEY WORDS: Brachygnathism, goat, sheep, genetic anomalies.

    As anomalias ocorridas na mandíbula são de caráter genético, razão por que sua presença no rebanho deve ser evitada, pois elas provocam dificuldades na apreensão e mastigação dos alimentos, o que pode levar o animal a sérias deficiências alimentares e até à morte. Este trabalho tem como objetivo verificar a presença ou não de caprinos e ovinos com essa anomalia. Foram avaliados 5.221 animais em cinco municípios da microrregião de Irecê. Verificou-se a presença dessas anomalias em 107 animais (2,05%, sendo 53 (1,02% casos de retrognatismo e 54 (1,03% casos de prognatismo. Trata-se de valores que mostram uma baixa ocorrência, apesar de não haver outros trabalhos de levantamentos semelhantes em caprinos e ovinos que permitam realizar uma comparação.

     

    PALAVRAS-CHAVES: Braquignatia, caprino, ovino, anomalia genética.

  18. Resistência anti-helmíntica de nematóides gastrintestinais em ovinos, Mato Grosso do Sul Anthelmintic resistance of gastrointestinal nematodes in sheep, Mato Grosso do Sul, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eurico A. Sczesny-Moraes

    2010-03-01

    Full Text Available Entre os métodos de controle da verminose gastrintestinal em ovinos, a utilização de produtos químicos é o mais empregado. Porém, o uso indiscriminado e continuado desses produtos tem selecionado populações de helmintos resistentes aos anti-helmínticos, fenômeno relatado no mundo todo. Este trabalho teve como objetivo identificar as espécies de parasitos gastrintestinais e diagnosticar a situação da resistência anti-helmíntica em ovinos no Estado de Mato Grosso do Sul. Foram realizados testes de redução na contagem de ovos por grama de fezes (OPG em rebanhos de dezesseis propriedades rurais; as sete formulações utilizadas continham as seguintes bases farmacológicas: Albendazol, Ivermectina, Levamisole, Triclorfon, Moxidectina, Closantel e uma contendo as três primeiras associadas. As espécies identificadas nas necropsias, em ovinos adultos, foram: Haemonchus contortus, Trichostrongylus colubriformis, Cooperia curticei, C. punctata, C. pectinata e Oesophagostomum columbianum; em ordem de prevalência. As formulações contendo Albendazol e Ivermectina não apresentaram eficácia na redução de OPG nos rebanhos testados, com médias de redução de 0,7 e -19,6%, respectivamente. Closantel apresentou eficácia média de 6,7%; Levamisole, Moxidectina e Triclorfon de 28,7, 26,8 e 65%, respectivamente; a associação das três bases (Albendazol, Ivermectina e Levamisole, uma média de eficácia de 55,8%. As percentagens médias de larvas infectantes recuperadas nas coproculturas, tanto no pré como no pós-tratamento, foram semelhantes; indicando que a resistência às bases testadas está presente em todas as espécies citadas, em maior ou menor intensidade. Os dois gêneros predominantemente resistentes são Haemonchus sp., com 86,9%; seguido por Trichostrongylus sp., com média de 47,5%; Strongyloides sp. 33,6%; Oesophagostomum, sp. 21,4% e Cooperia sp. 19,7%.Among the methods of control of gastrointestinal worms in sheep

  19. Avaliações ultra-sonográfica, macroscópica e histológica da biopsia testicular em ovinos Assessment of ultrasonographic images and gross and microscopic lesions of the testicular biopsy in sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R. Sartori

    2002-06-01

    Full Text Available Devido ao fato da biopsia testicular poder acarretar hemorragia, inflamação, degeneração, aderência e fibrose, especialmente com as técnicas incisionais ou abertas, este trabalho avaliou a aplicabilidade de uma técnica menos invasiva (biopsia com agulha Tru-Cut em ovinos na obtenção de material para histologia e acompanhou as lesões testiculares posteriores. Trinta carneiros foram igualmente divididos em três grupos: 1 controle, animais não submetidos à biopsia; 2 submetidos à biopsia + cola de fibrina nos locais da biopsia testicular e incisões da pele; e 3 submetidos à biopsia + sutura da pele escrotal após a biopsia. Exames ultra-sonográficos foram realizados pré e pós biopsia. No centésimodia, os testículos foram avaliados macro e microscopicamente após orquiectomia. A ultra-sonografia permitiu mapear as alterações ocorridas e acompanhar a evolução das seqüelas. Ao exame macroscópico, pequenas áreas de calcificação foram observadas em 55 e 70% dos testículos nos grupos 2 e 3, respectivamente. A biopsia com agulha Tru-Cut forneceu material suficiente para histologia mas ocasionou lesões focais restritas à área biopsiada. Apesar da possível ocorrência de calcificação e outras lesões mínimas, foi demonstrado que a biopsia com agulha Tru-Cut em ovinos é um procedimento seguro por não ter comprometido significativamente as características estruturais e funcionais dos testículos.Because testicular biopsy can cause hemorrhage, inflammation, degeneration, adhesion, and fibrosis, especially if using the incisional or open biopsy techniques, the present study evaluated if testicular biopsy with Tru-Cut needle (a less invasive technique in rams provides enough material for histology, and followed the subsequent testicular lesions. Thirty rams were evenly assigned to three groups: 1 control, no biopsy; 2 biopsy + fibrin glue on biopsy sites and skin incisions; and 3 biopsy + scrotal skin suture after biopsy

  20. Consumo, digestibilidade dos nutrientes e comportamento ingestivo de ovinos com dietas à base de feno de juazeiro (Zizyphus joazeiro)

    OpenAIRE

    Marcus Roberto GÃes Ferreira Costa

    2008-01-01

    Avaliaram-se o consumo, a digestibilidade aparente dos nutrientes e o comportamento ingestivo de ovinos da raÃa Morada Nova, recebendo raÃÃes contendo nÃveis crescentes de feno de juazeiro em substituiÃÃo ao feno de capim-tifton 85 (0, 33, 67 e 100%). Utilizaramse dezesseis ovinos machos, nÃo castrados, com peso mÃdio de 26,75kg, alocados em gaiolas metabÃlicas individuais, distribuÃdos em um delineamento em blocos inteiramente casualizado, com quatro tratamentos e quatro repetiÃÃes. Os consu...

  1. Técnica de fistulação e canulação do rúmen em bovinos e ovinos Rumen fistulation and cannulation technique in cattle and sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo Augusto Lopes Muzzi

    2009-01-01

    Full Text Available Foi desenvolvida e descrita uma técnica cirúrgica para fistulação e canulação do rúmen em animais utilizados nos estudos de nutrição animal. O método cirúrgico foi empregado para canulação de 25 vacas e oito cordeiros. A fistulação permanente foi realizada no centro da fossa paralombar esquerda em estágio operatório único. Uma cânula de borracha foi implantada na parede ruminal após o afastamento da musculatura da parede abdominal e a sutura do rúmen ao peritôneo e à pele. Não foram observadas complicações graves advindas da canulação ruminal, mas houve a ocorrência de discreto vazamento de conteúdo em alguns animais. As cânulas permaneceram funcionais por longo período e permitiram a obtenção de quantidades suficientes de amostra.A surgical technique for rumen fistulation and cannulation was developed for animal nutritional studies. The surgical method was used to cannulated 25 adult cows and eight lambs. The permanent fistula was made in the middle of the left paralumbar fossa in a one-stage operation. It was performed the spreading of the abdominal muscle layers and the sutures from the rumen to the peritoneum and to the skin, and the rubber cannula was inserted into the rumen wall. No severe complication was observed in ruminal cannulation, but minor leakages were observed in some animals. The cannulas had a long functional life and permited convenient sampling of digesta.

  2. Caracterização epidemiológica e fatores de risco associados à infecção por Brucella ovis em ovinos deslanados do semiárido paraibano

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabrine A. Santos

    2013-04-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo determinar a prevalência de rebanhos ovinos positivos (focos e de animais soropositivos para Brucella ovis na mesorregião do Sertão, Estado da Paraíba, Nordeste do Brasil, bem como identificar fatores de risco. Foram colhidas amostras de sangue de 1.134 animais procedentes de 103 rebanhos em 17 municípios. Para o diagnóstico sorológico da infecção por B. ovis foi utilizado o teste de imunodifusão em gel de ágar (IDGA. Um rebanho foi considerado positivo quando apresentou pelo menos um animal soropositivo. Das 103 propriedades utilizadas 21 (20,39% apresentaram pelo menos um animal soropositivo e dos 1.134 animais, 59 (5,20% foram soropositivos. Realizar higiene nas instalações com periodicidade anual (odds ratio = 7,13; IC 95% = 1,56-32,47; p=0,011 e aquisição de animais (odds ratio = 6,06; IC 95% = 1,39-26,48; p=0,017 foram identificados como fatores de risco. Com base na análise de fatores de risco, recomenda-se a realização de diagnóstico da infecção por B. ovis previamente à aquisição de animais e realização periódica de higienização das instalações.

  3. ANTHELMINTIC RESISTANCE TO BENZIMIDAZOLE IN GASTROINTESTINAL NEMATODES FROM SMALL RUMINANTS OF SEMI-ARID BRAZILIAN NORTHEAST RESISTÊNCIA AOS ANTI-HELMÍNTICOS BENZIMIDAZÓIS EM NEMATÓIDES GASTRINTESTINAIS DE PEQUENOS RUMINANTES DO SEMIÁRIDO NORDESTINO BRASILEIRO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Carolina Fonseca Lindoso Melo

    2009-04-01

    Full Text Available Resistance to benzimidazole anthelmintics is reported as an old and persistent problem in many parts of the world. Resistance development depends on the presence of resistance promoters and there are operational, genetic and bioecological factors. The objective of this work was to determine the prevalence of benzimidazole resistance and to study some variables associated with resistance development in small ruminant farms in the Brazilian northeastern semi-arid area. The work was accomplished in 25 sheep and goat farms in Limoeiro do Norte, Palhano, Jaguaruana, Itaiçaba, Aracati, Alto Santo, Morada Nova and Jaguaribe municipalities, in the state of Ceará, Brazil. The procedure used to detect anthelmintic resistant nematodes was the fecal egg count reduction test. In addition, a questionnaire about management practices, infrastructure, anthelmintic usage, flocks sanitary state and veterinary assistance was applied. Data were analyzed using RESO statistical program. The questionnaires were analyzed using Spearman correlation and the simple GLM. In sheep farms, the prevalence of benzimidazole resistance was 88% and in goat farms, it was 87.5%. In sheep and goats farms, Haemonchus spp was the most prevalent genus, followed by Trichostrongylus spp and Oesophagostomum spp. Among variables studied, treatment in the dry season was statistically significant (P = 0.03, pasture rotation was not significant (P = 0.17 but has a predictable value in resistance development.

    KEY WORDS: Associated factors, benzimidazole, Ceará, resistance development.
    A resistência a anti-helmínticos benzimidazóis é relatada como um antigo e persistente problema em diversas partes do mundo. O desenvolvimento da resistência depende da presença de promotores, os quais podem ser fatores operacionais, genéticos e bioecológicos. O objetivo do presente estudo foi determinar a prevalência da resistência a anti-helmínticos benzimidazóis e estudar algumas

  4. Indução de acidose hiperclorêmica em ovinos e equinos e tratamento dos equinos com solução eletrolítica contendo concentração elevada de lactato de sódio

    OpenAIRE

    Fernanda Tamara Neme Mobaid Agudo Romão

    2014-01-01

    O objetivo deste trabalho foi testar a eficácia e a segurança de um protocolo de infusão intravenosa de ácido clorídrico (HCl) para a indução experimental de acidose metabólica em equinos e ovinos adultos e investigar eficácia de uma solução eletrolítica intravenosa contendo concentração elevada de lactato de sódio para a correção da acidose em equinos. A indução da acidose foi realizada em cinco ovelhas adultas e cinco equinos adultos sadios que receberam a solução de HCl (100 mmol/L) em vol...

  5. Caracterização fenotípica de ovinos da raça Santa Inês no Estado do Piauí

    National Research Council Canada - National Science Library

    Biagiotti, Daniel; Sarmento, José Lindenberg Rocha; Ó, Alan Oliveira do; Neto, Aurino de Araújo Rêgo; Santos, Gleyson Vieira Dos; Santos, Natanael Pereira da Silva; Torres, Tatiana Saraiva; Neri, Vanessa dos Santos

    2013-01-01

    ... morfométricas em ovinos oriundos de diferentes microrregiões do Estado do Piauí. As características de medidas corporais coletadas foram a altura de cernelha, a altura de garupa, a circunferência...

  6. Efeito da herança citoplasmática sobre características de produção em ovinos da raça merino Effects of cytoplasm inheritance on production traits of merino sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Octávio Rossi de Morais

    1999-01-01

    Full Text Available Para avaliar os efeitos de linhagem citoplasmática (LCT, foram usadas medidas de peso corporal (PC, n = 707 e peso de velo sujo (PVo, n = 703 de fêmeas e medidas de diâmetro das fibras de lã (DF, n = 350 de machos ovinos da raça Merino com um ano de idade. As informações de pedigree incluíram 3645 animais e, em média, 10 gerações. Foram usados a metodologia da Máxima Verossimilhança Restrita e o modelo animal que incluiu efeito genético direto, efeitos direto e de LCT, efeitos direto, materno e de LCT e efeitos direto, materno e permanente de meio materno. Efeitos fixos de ano e época de nascimento foram incluídos em todos os modelos. O teste da razão das verossimilhanças foi usado para comparar os modelos matemáticos. Não houve diferenças entre os modelos em que se incluiu ou não o efeito de LCT, indicando que os efeitos citoplasmáticos não foram importantes para as características estudadas. Para PC, os resultados indicaram haver confundimento parcial entre os efeitos genético aditivo materno, permanente de meio materno e de LCT. A importância relativa dos efeitos aditivos maternos foi maior para a característica PC (24,2%, no modelo mais simples; 7,9% no modelo mais completo que para PVo e DF. A importância relativa dos efeitos aditivos diretos foi também maior para PC (24,5 a 37,1%, para os diferentes modelos, seguido de PVo (de 19,5 a 24,6% e DF (de 16,3 a 21,0%. As estimativas de herdabilidade indicam que a seleção pode ser realizada com sucesso para as características peso corporal, peso de velo sujo e diâmetro das fibras de lã dos ovinos da raça Merino.To evaluate the effects of cytoplasm lineage (CL the body weight (BW, n = 707 and greasy fleece weight (FW, n = 703 of females and fiber wool diameter (FD, n = 350 males of males sheep from yearling Merino sheep were used. The pedigree information included 3,645 animals and an average of 10 generations. The Maximum Restricted Likelihood methodology and

  7. Fontes de proteína, ingestão de alimentos e fluxo esplâncnico de nutrientes em ovinos Protein sources, feed intake and splanchnic flux of nutrients in sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Ferriani Branco

    2004-04-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a ingestão de nutrientes e o fluxo esplâncnico de glicose, nitrogênio alfa-amino, amônia e uréia em ovinos alimentados com diferentes fontes de proteína. Foram utilizados três ovinos pesando, em média, 50 kg, implantados com quatro catéteres, sendo um na veia mesentérica, um na artéria mesentérica, um na veia porta e um na veia hepática. O delineamento utilizado foi o quadrado latino 3x3. Os tratamentos consistiram na utilização de três diferentes fontes de proteína: o farelo de soja, a farinha de penas e o farelo de glúten de milho. Não houve efeito dos tratamentos na ingestão de matéria seca (MS, matéria orgânica (MO, proteína bruta (PB e fibra em detergente neutro (FDN. As concentrações portal, hepática e arterial de glicose, N alfa-amino, amônia e uréia não diferiram com a utilização de diferentes fontes de proteína. Somente o fluxo portal de glicose aumentou e o esplâncnico de N alfa-amino diminuiu com a utilização do farelo de glúten de milho como fonte de proteína. As taxas de extração hepática dos nutrientes foram de -10,51; 4,07; 47,69 e -4,81%, para a glicose, N alfa-amino, amônia e uréia, respectivamente, e não diferiram entre os tratamentos.Three wethers averaging 50 kg LW, fitted with four catheters, in the mesenteric vein, mesenteric artery, portal vein and hepatic vein, were used to evaluate nutrient intake and glucose, alpha-amino nitrogen, ammonia and urea splanchnic fluxes in sheep fed with different protein sources. Statistical design was a 3x3 Latin square. Treatments consisted of three different protein sources utilization: soybean meal, hydrolyzed feather meal and corn gluten meal. There were no treatment effects over intake of dry matter (DM, organic matter (OM, crude protein (CP and neutral detergent fiber (NDF. Portal, hepatic and arterial concentrations for glucose, alpha-amino nitrogen, ammonia and urea were not affected by different

  8. Metabolismo e distribuição do flúor em ovinos jovens tratados cronicamente com fluoreto de sódio Metabolism and distribution of fluor in lambs chronically treated with sodium fluoride

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andreane R. Filappi

    2008-02-01

    Full Text Available Este estudo teve por objetivo avaliar o metabolismo do flúor (F em ovinos. Para tanto, utilizaram-se 12 animais, com cinco meses de idade, os quais receberam como dieta base 3% do peso vivo de feno de alfafa e água ad libitum. Os animais foram divididos e constituíram um grupo Controle, que recebeu apenas sal iodado (5g de NaCl/animal + 0,2mg I/kg matéria seca e, um grupo Tratado, que recebeu sal iodado adicionado de fluoreto de sódio (4,7mg F/kg de peso corporal. Esses sais foram administrados via sonda oro-esofágica, diariamente por um período de 150 dias. Para análise de F, coletaram-se amostras de sangue, urina e fezes e, ao fim do período experimental, após a eutanásia dos animais, coletou-se a glândula pineal e amostras de osso. Também nesta ocasião, coletou-se uma amostra de rim para exame histopatológico. Analisando-se os teores séricos, urinários e ósseos de F, verificou-se que foram significativamente superiores nos animais Tratados em relação aos Controles. Quanto ao F contido na glândula pineal, não houve diferença significativa entre os grupos. Na análise histológica do rim, não foram observadas alterações. Conclui-se que a administração crônica de flúor induz ao acúmulo desse elemento nos ossos, mesmo havendo um alto teor de cálcio na alimentação e esse acúmulo parece não ser nocivo aos animais. Em ovinos, a capacidade orgânica de acúmulo ósseo e excreção urinária do flúor é diferente de outras espécies animais.The objective of the present study was to evaluate fluorine metabolism in growing lambs. Twelve 5-month-old male lambs maintained on alfalfa hay (3% BW and non-fluorinated water ad libitum were used. Animals were allocated into Control, receiving 5g NaCl/animal/day + 0.2mg I/kg dry matter and Treated group, receiving the same treatment plus sodium fluoride (4.7mg F/kg body weight. Mineral treatment was given by gavage, daily for 150 days. Blood, urine and fecal samples were

  9. Comparação de duas técnicas de isolamento do Mycobacterium avium subsp. paratuberculosis em amostras de fezes de ovinos com suspeita clínica de paratuberculose Comparison of two techniques of isolation of Mycobacterium avium subsp. paratuberculosis in faecal samples of ovine with clinical suspicion of paratuberculosis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Cláudia Coelho

    2009-05-01

    Full Text Available A paratuberculose é uma enterite crônica granulomatosa causada por Mycobacterium avium subsp. paratuberculosis que afeta principalmente os ruminantes. A cultura de bactérias a partir de amostras de fezes e tecidos constitui um dos métodos mais eficazes de diagnóstico, sendo ainda o único método disponível para obtenção de isolamentos e estirpes de micobactérias. Contudo, este método apresenta baixa sensibilidade e requer meses de incubação antes do crescimento de colônias. Neste estudo, utilizou-se a cultura fecal como método de diagnóstico em ovinos de diferentes raças portuguesas, com sinais compatíveis com a doença. Fez-se ainda a comparação entre os meios de cultura Löwenstein Jensen® com micobactina® J e o de Middlebrook® 7H11 com OADC®, utilizados no isolamento da bactéria. As percentagens de isolamento em cada um os meios foram de 2,0% (6/300 para Löwenstein Jensen® com micobactina J e 1,0% (3/300 para Middlebrook® 7H11/OADC. As três amostras positivas no meio de Middlebrook® 7H11/OADC também foram positivas no meio de Löwenstein Jensen® com micobactina J e nenhuma foi somente positiva no meio de Middlebrook® 7H11/OADC. Os resultados deste estudo sugerem que o meio de Löwenstein-Jensen® com micobactina® J é mais efetivo para a obtenção de estirpes ovinas em Portugal.Paratuberculosis is a chronic enteric disease of ruminants caused by Mycobacterium avium subsp. paratuberculosis. Culture of bacteria from faeces and tissues samples constitutes one of the most effective methods of confirming the diagnosis of para-tuberculosis and the only method available to obtain strains of mycobacteria. However, this method is less sensitive and requires months of incubation before colony growth occurs. In this study, culture method was used on sheep faeces to diagnose paratuber-culosis in animals with compatible signs of the disease. A comparison of two culture media used to isolation was also investigated

  10. Occurrence of anti-Neospora caninum and anti-Toxoplasma gondii IgG antibodies in goats and sheep in western Maranhão, Brazil Ocorrência de anticorpos IgG anti-Neospora caninum e anti-Toxoplasma gondii em caprinos e ovinos do oeste do Maranhão, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Larissa Martins de Brito Moraes

    2011-12-01

    Full Text Available Neosporosis and toxoplasmosis are parasitic diseases which can cause reproductive problems in goats and sheep. The current study aimed to determine the occurrence of anti-Neospora caninum and anti-Toxoplasma gondii IgG antibodies in goats and sheep from the districts of Amarante do Maranhão and Buritirana, Imperatriz microregion, western area of Maranhão State, northeastern Brazil, and to assess factors associated to infection by these etiologic agents. Blood samples from 110 animals (46 goats and 64 sheep from five herds were collected, and indirect immunofluorescence assay was used for serological testing. Of 46 goat samples, 17.39% (n = 8 showed anti-N. caninum antibodies and 4.35% (n = 2 anti-T. gondii, while of 64 sheep samples 4.69% (n = 3 and 18.75% (n = 12 showed anti-N. caninum and anti-T. gondii antibodies, respectively. No significant difference regarding the presence of domestic cats and/or dogs on the property and veterinary care was seen for both etiologic agents studied. However, food supplementation and animal reproductive failure were significantly (p A neosporose e a toxoplasmose são doenças parasitárias que podem causar problemas reprodutivos em caprinos e ovinos. O objetivo deste estudo foi determinar a ocorrência de anticorpos IgG anti-Neospora caninum e anti-Toxoplasma gondii em caprinos e ovinos dos municípios de Amarante do Maranhão e Buritirana, microrregião de Imperatriz, Oeste maranhense, Nordeste do Brasil, bem como avaliar fatores associados à infecção por esses agentes etiológicos. Amostras de sangue de 110 animais (46 caprinos e 64 ovinos, provenientes de cinco propriedades, foram coletadas, e a reação de imunofluorescência indireta utilizada para o diagnóstico sorológico. Das 46 amostras de caprinos, 17,39% (n = 8 apresentaram anticorpos anti-N. caninum e 4,35% (n = 2 anti-T. gondii, enquanto das 64 amostras de ovinos, 4,69% (n = 3 e 18,75% (n = 12 apresentaram anticorpos anti-N. caninum e anti

  11. Polioencefalomalacia em caprinos e ovinos na região semi-árida do Nordeste do Brasil Polioencephalomalacia in goats and sheep in the semiarid region of northeastern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Everton F. Lima

    2005-03-01

    Full Text Available Descrevem-se 7 surtos de polioencefalomalacia em caprinos e 3 surtos em ovinos no semi-árido nordestino. Foram afetados animais de diversas idades em diferentes épocas do ano. Em 5 surtos os animais eram suplementados com concentrados e em 5 consumiam somente pastagem. Em um dos surtos os ovinos estavam recebendo à vontade uma mistura múltipla contendo 1,3% de flor de enxofre. Os sinais clínicos caracterizaram-se por cegueira, depressão, pressão da cabeça contra objetos, andar em círculos, ranger de dentes, incoordenação, paralisia espástica, ataxia, diminuição dos reflexos palpebral e pupilar, estrabismo lateral, nistagmo e pupilas dilatadas. De 9 animais tratados com tiamina e dexametasona, 7 se recuperaram e 2 morreram. O diagnóstico foi feito com base na recuperação após o tratamento e/ou a presença de alterações histológicas características. O curso clínico variou de 2 a 15 dias. Três animais foram necropsiados. Um animal apresentou herniação do cerebelo em direção ao Forame magno e amolecimento das circunvoluções cerebrais e, ao corte, coloração amarelada e cavitação da substância cinzenta do córtex. Outro animal apresentou somente herniação do cerebelo. No terceiro animal não foram observadas lesões macroscópicas. As alterações histológicas caracterizaram-se por necrose laminar do córtex cerebral e, em dois animais, por lesões de malácia no tálamo e colículo rostral. Desconhece-se a etiologia em 9 dos surtos estudados. Em outro se sugere que tenha sido causado por intoxicação por enxofre, contido principalmente na mistura múltipla constituída por com 1,3% de flor de enxofre (96% de enxofre e 30% de cama de galinha (0,39% de enxofre.Seven outbreaks of polioencephalomalacia in goats and 3 in sheep are reported from the semiarid region of northeastern Brazil. Animals of different ages were affected in various seasons of the year. In 5 outbreaks the animals were supplemented with

  12. Intoxicação experimental por Simarouba versicolor (Simaroubaceae em ovinos e indução de resistência ao consumo da planta Experimental poisoning by Simarouba versicolor (Simaroubaceae in sheep and induced resistance to consumption of the plant

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ariany C. Santos

    2013-03-01

    Full Text Available Simarouba versicolor é uma árvore semidecídua pertencente à família Simaroubaceae. Um surto de intoxicação por S. versicolor em bovinos por brotos da planta presente no pasto em Mato Grosso do Sul e sua reprodução experimental foram descritos. Esse estudo teve por objetivos verificar experimentalmente se os ovinos podem ser utilizados como modelo clínico-patológico no estudo da intoxicação por Simarouba versicolor St. Hil. (fam. Simaroubaceae, determinar se há indução de resistência pela ingestão de pequenas e repetidas doses e, se a planta mantém sua toxicidade quando dessecada. Foram realizados dois experimentos, sendo o primeiro com folhas verdes ou folhas dessecadas e trituradas de S. versicolor em doses únicas de 5g/kg, 5g/kg e 3g/kg a três ovinos (Ovino 1, 2 e 3 respectivamente. O experimento 2, foi realizado com diferentes doses diárias de folhas dessecadas e trituradas de S. versicolor em quatro ovinos que receberam 1,5g/kg, 0,75g/kg, 0,6g/kg e 0,3g/kg e, com um ovino que recebeu 3g/kg como controle positivo (Ovino 4. A administração foi suspensa quando os ovinos apresentaram sinais clínicos da intoxicação. Após doze dias de recuperação, os animais sobreviventes foram desafiados com a mesma dose diária da planta ingerida anteriormente para avaliar o desenvolvimento de resistência. Os sinais clínicos observados nos dois experimentos caracterizaram-se por anorexia, mucosas oculares congestas, polidipsia, sialorreia, fezes pastosas que evoluíram para diarreia líquida fétida esverdeada, decúbito lateral e morte para os Ovinos 1 a 7. As principais lesões histológicas observadas foram necrose do tecido linfoide (linfonodos, baço, placas de Peyer e enterite necrosante. Com os resultados obtidos, pode-se concluir que os ovinos podem ser utilizados como modelo experimental clínico-patológico na intoxicação por S. versicolor. Com o método utilizado, não houve resistência ao consumo diário de folhas

  13. Parâmetros de fermentação ruminal em bovinos alimentados com grãos de milho ou sorgo de alta umidade ensilados Ruminal fermentation parameters in bovines feeding high moisture grain sorghum or corn silages

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberta Passini

    2003-10-01

    Full Text Available Os parâmetros de fermentação ruminal de dietas contendo silagem de sorgo úmido em substituição à de milho úmido foram estudados em 12 fêmeas bovinas, com peso médio de 584 kg. O delineamento foi inteiramente casualizado com três tratamentos: substituição do milho úmido pelo sorgo úmido ensilado, nos níveis de 0, 50 e 100%. As dietas continham grão úmido de milho ou de sorgo ensilados, soja extrusada, uréia, feno de aveia (Avena sativa sp., suplemento mineral e monensina. Adicionalmente, foi avaliada a degradabilidade in situ da matéria seca e da fibra em detergente neutro do feno de aveia. Não houve diferença sobre produção total de ácidos graxos voláteis (AGVs no rúmen, porcentagem molar dos ácidos acético, propiônico e butírico, relação acético/propiônico, pH ruminal, concentração de N-NH3 no rúmen, fluxo e volume de líquidos do rúmen, nos diferentes tratamentos. A degradabilidade da matéria seca e da fibra em detergente neutro do feno não apresentou diferenças. Não se constatou melhora nos parâmetros de fermentação ruminal com a associação dos grãos.Ruminal fermentation parameters of diets containing high moisture sorghum silage in replacement of high moisture corn silage were studied in 12 dry cows (584 kg of BW. A completely randomized design was used with three treatments: high moisture sorghum silage replacing high moisture corn silage at levels of 0, 50, and 100%. Diets contained high moisture corn or sorghum silages, extruded soybean, urea, oat hay (Avena sativa sp., mineral supplement and monensin. The trial extended for 21 days, the last one used for ruminal sampling at 0, 2, 4, 6, 8, 10 and 12 hours after meal. Additionally, in situ degradability of oat hay dry matter and neutral detergent fiber was evaluated. There was not difference in total volatile fatty acids (VFA production in the rumen, molar percentage of acetate, propionate and butirate, acetate/propionate ratio, ruminal p

  14. Aspectos metodológicos do comportamento ingestivo de ovinos alimentados com capim-elefante amonizado e subprodutos agroindustriais Methodological aspects of feeding behaviour of sheep fed ammoniated elephantgrass and agro-industrial by-products

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gleidson Giordano Pinto de Carvalho

    2007-08-01

    Full Text Available Um experimento foi realizado com o objetivo de definir o intervalo de tempo de registro do comportamento de ovinos Santa Inês. Utilizaram-se 18 ovinos machos, não-castrados, com peso corporal médio inicial de 22,62 kg. Os animais foram alojados em baias individuais e distribuídos ao acaso em seis tratamentos, constituídos de dois volumosos (capim-elefante amonizado ou não com 5% de uréia e três concentrados (com 0% de farelo de cacau ou torta de dendê; com 40% de farelo de cacau; ou com 40% de torta de dendê em substituição ao milho e ao farelo de soja, fornecidos na proporção de 60:40 (volumoso:concentrado. O registro das atividades foi realizado durante dois períodos de 24 horas, no final do período experimental, registrando-se o tempo despendido em alimentação, ruminação, ócio e efetuando-se a discretização dessas séries. Foram testados os intervalos de observações de 5, 10, 15, 20, 25 e 30 minutos. Os tempos despendidos em alimentação, ruminação e ócio não diferiram em nenhum dos intervalos estudados, entretanto, na discretização das séries temporais, ou seja, no número de períodos e no tempo médio gasto por período, apresentaram diferenças significativas. Os tempos de alimentação, ruminação e ócio em ovinos Santa Inês podem ser obtidos com observações em intervalos de até 30 minutos. Para a discretização das séries temporais, recomenda-se o uso da escala de cinco minutos.The objective of this trial was to compare and determine the most adequate time interval to register chewing activity in Santa Inês sheep. The following time intervals were investigated: 5, 10, 15, 20, 25, and 30 minutes. Eighteen intact male sheep averaging 22.62 kg of body weight at the beginning of the study were used. Animals were housed in individual pens and randomly assigned to one of six treatments: ammonia-treated elephantgrass or elephatgrass supplemented with three concentrates sources (0% cocoa meal and palm

  15. Ectima contagioso em ovinos e caprinos no semi-árido da Paraíba Contagious echtyma in sheep and goats in the semiarid of Paraíba, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jandui E. Nóbrega Jr

    2008-03-01

    Full Text Available Descrevem-se dez surtos de ectima contagioso em caprinos e dois em ovinos no semi-árido da Paraíba. Os animais jovens foram os mais afetados, mas em oito surtos animais adultos também foram afetados, principalmente cabras lactantes que apresentavam lesões no úbere. Em nenhum dos rebanhos afetados havia antecedentes de vacinação contra ectima contagioso. Histologicamente a epiderme apresentava acantose com hiperplasia pseudoepiteliomatosa e com múltiplos focos de degeneração hidrópica formando vesículas ou pústulas. Inclusões intracitoplasmáticas eosinofílicas foram observadas em queratinócitos. Havia restos celulares necróticos formando crostas, hiperqueratose e microabscessos intracorneais ou extensas áreas ulceradas. Na derme observou-se infiltrado inflamatório mononuclear difuso. Também foi registrado um caso humano em um pesquisador que tinha administrado planta por via oral a um caprino que, posteriormente, apresentou lesões de ectima contagioso. Neste caso, também foram observadas lesões características em uma biopsia e o vírus foi identificado por microscopia eletrônica. Conclui-se que a doença é endêmica no semi-árido e que é necessária a vacinação sistemática dos rebanhos para diminuir os prejuízos econômicos causados pela mesma. A utilização de luvas para o manuseio de animais afetados é necessária para evitar casos humanos da enfermidade.Ten outbreaks of contagious ecthyma in goats and two in sheep in the semiarid of Paraíba State are reported. Young animals were more frequently affected, but in 8 outbreaks adult animals were also affected, mainly lactating goats which developed udder lesions. None of the affected flocks had been vaccinated. Upon histologic examination the epidermis showed acanthosis with pseudoepitheliomatous hyperplasia and multifocal ballooning degeneration forming vesicles or pustules. Eosinophilic inclusion bodies were observed in keratinocytes. Crust of necrotic cells

  16. Degradabilidade ruminal in situ do sorgo grão em diferentes formas de reconstituição

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J.S. Silva

    2014-12-01

    Full Text Available Foram utilizadas três vacas não lactantes fistuladas no rúmen com o objetivo de determinar os parâmetros de degradação ruminal in situ da matéria seca (MS e do amido de grãos de sorgo sob diferentes formas de processamento: 1 Seco e moído (2mm; 2 Seco, moído (3mm, reidratado com aspersão de água sobre o material, e imediatamente ensilado por 30 dias; 3 Seco, inteiro, reidratado por três dias em tubo PVC e, em seguida, moído a 5mm; 4 Seco, inteiro, reidratado por três dias em tubo PVC com aplicação de ar comprimido e, em seguida, moído a 5mm; 5 Seco, inteiro, reidratado por três dias em tubo PVC e, em seguida, moído a 5mm, e ensilado por 30 dias; 6 Seco, inteiro, reidratado por três dias em tubo PVC com aplicação de ar comprimido, moído a 5mm e ensilado por 30 dias. Os teores de proteína bruta, amido, e fibra em detergente neutro (% da MS variaram de 9,8 a 10,8%; 59,5 a 67,5%; e de 16,1 a 19,3%, respectivamente. Os teores de umidade nos grãos que foram reidratados variaram de 35,8 a 43,9% da MS. A taxa e a extensão de degradação do amido e a degradabilidade potencial da MS foram semelhantes (P>0,05 entre tratamentos. Os grãos de sorgo reidratados com aplicação de ar comprimido, moídos e ensilados (tratamento 6 apresentaram degradabilidade efetiva (DE da MS e DE do amido sob taxa de passagem ruminal de 2%/h, semelhantes (P>0,05 às observadas para o tratamento 5 (sem aplicação de ar comprimido, e superiores (P<0,05 às dos demais processamentos. Sob taxas de passagem no rúmen de 5 e 8%/h, as DE do amido estimadas para os grãos processados no tratamento 6 foram superiores (P<0,05 às obtidas para os demais tratamentos. O processamento de reidratação por três dias com aplicação de ar comprimido e ensilagem por trinta dias aumentou a degradabilidade efetiva da matéria seca e do amido dos grãos de sorgo, e sua utilização pode ser recomendada para animais em níveis intermediário e elevado de desempenho.

  17. Técnicas cirúrgicas para urolitíase obstrutiva em pequenos ruminantes: relato de casos Surgical techniques for obstructive urolithiasis in small ruminants: cases reports

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R. G. S. Dória

    2007-12-01

    Full Text Available Relataram-se dois casos em que a penectomia com transposição peniana perineal foram as técnicas cirúrgicas de escolha e que resultaram em 50% de sucesso. Quatro casos em que as cistotomias seguidas de cistostomias apresentaram 100% de sucesso, um caso em que só a cistotomia foi realizada e não se obteve sucesso, um caso em que apenas o tratamento clínico foi eficiente e dois casos em que houve 100% de insucesso, independentemente da técnica cirúrgica utilizada, devido ao quadro avançado de azotemia e choque toxêmico dos animais. O estudo foi realizado durante os anos de 2003 a 2005, com a casuística de urolitíase obstrutiva em caprinos e ovinos, de forma a descrever as causas e as conseqüências das decisões terapêuticas empregadas.Two cases in wich the penectomy and perineal penile transposition were the surgical technique of choice, technique of choice were described showing 50% of success. There are also reported four cases in wich cystotomy followed by cystostomy showed 100% of success, one case in wich the cystotomy alone was unsuccessfully, one case in wich only the clinical treatment was efficient and two cases showing 100% of unsuccessful despite of the surgical technique used due to the advanced stage of azotemy and toxemic shock of the animals. This article presents a study of urolithiasis in goats and sheep, from 2003 to 2005, aiming to describe the causes and the consequences of the therapeutic procedures followed.

  18. Efeitos de dietas com níveis crescentes de milho no metabolismo ruminal de energia e proteína em bubalinos Effects of diets with increasing corn levels on the ruminal energy and protein metabolism in buffalo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Teresa Cristina Alves

    2009-10-01

    Full Text Available Avaliaram-se os efeitos de dietas com níveis crescentes de milho em grão moído (0, 22, 37 e 49% na MS em substituição ao feno de coast-cross mantendo-se diferentes relações proteína:carboidratos não-fibrosos (PB:CNF = 1,01; 0,39; 0,33 e 0,27 sobre o metabolismo ruminal de búfalos. Utilizaram-se quatro búfalos fistulados no rúmen, mantidos em delineamento quadrado latino 4 × 4, para a coleta de amostras do líquido ruminal, colhidas em cada período experimental (de 28 dias nos tempos 0, 2, 4 e 8 horas após a alimentação. Em geral, os bubalinos apresentaram boa capacidade tamponante no rúmen, com pH médio alto (6,70 e aumento da ingestão de milho em grão moído. O acréscimo nos níveis de milho na dieta promoveu aumento da produção de ácido butírico. Somente a dieta com 49% de milho promoveu melhor fermentação ruminal, com menor propoção de ácidos acético:propiônico. A relação PB:CNF de 1,01 indica deficiência de energia da dieta disponível para microrganismos no rúmen ao longo do dia, enquanto dietas com PB:CNF entre 0,39 e 0,27 promovem fermentações ruminais semelhantes, o que indica sincronismo na utilização de nitrogênio e energia pelos microrganismos no rúmen nessas condições.The effects of diets with increasing ground corn grain levels (0, 22, 37 and 49% in the dry matter substituting coast-cross hay, with different protein:non-fibrous carbohydrate ratios (CP:NFC = 1.01; 0.39; 0.33 and 0.27 were assessed on buffalo ruminal metabolism. Four rumen fistulated buffaloes were used kept in a 4 × 4 latin square design, to collect liquid ruminal samples, collected in each experimental period (28 days at 0, 2, 4 and 8 hours after feeding. In general, the buffalo presented good buffering capacity in the rumen, with high mean pH (6.70 and increase in ground corn intake. The increase in the corn levels in the diet resulted in increased butyric acid production. Only the diet with 49% corn showed better

  19. Composição do sangue e do leite em ovinos leiteiros do sul do Brasil: variações na gestação e na lactação Blood and milk composition in dairy ewes from southern Brazil: variations during pregnancy and lactation

    OpenAIRE

    Marcelo Arnt Brito; Félix Diaz González; Luiz Alberto Ribeiro; Rómulo Campos; Luciana Lacerda; Patrícia Rick Barbosa; Guiomar Bergmann

    2006-01-01

    A ovinocultura de leite tem avançado no Rio Grande do Sul nos últimos anos, sem o conhecimento das variações nos parâmetros metabólicos e de composição do leite que possa servir de apoio à pesquisa e à clínica. Este trabalho teve por objetivo estudar a variação dos perfis metabólico e hematológico e da composição do leite em ovinos leiteiros da raça Lacaune criados em regime de confinamento na Serra Gaúcha. O trabalho foi realizado no município de Bento Gonçalves (região serrana do RS). Foram...

  20. Níveis de energia em dietas para ovinos Santa Inês: características de carcaça e constituintes corporais Dietary energy levels for Santa Inês sheep: carcass characteristics and body constituents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kaliandra Souza Alves

    2003-12-01

    Full Text Available As características de carcaça, o rendimento dos cortes e os constituintes corporais foram determinados em função dos diferentes níveis de energia na dieta. Utilizaram-se 18 ovinos da raça Santa Inês, machos não-castrados, com idade média de seis meses e peso vivo médio de 20 kg, alimentados com dietas que continham 2,42; 2,66; e 2,83 Mcal de energia metabolizável (EM/kg de matéria seca (MS. O peso de abate estabelecido foi de 33 kg de peso vivo (PV. Os animais foram distribuídos em delineamento em blocos casualizados, com três tratamentos e seis repetições. Houve efeito linear decrescente para perda de peso no jejum (PJ e linear crescente para pesos das carcaças quente (PCQ e fria (PCF, rendimentos de carcaças quente (RCQ e fria (RCF e peso do corpo vazio (PCV. No entanto, a perda no resfriamento (PR e o rendimento verdadeiro (RV não foram influenciados pelos níveis de energia na dieta. Para os cortes e seus respectivos rendimentos, em relação ao peso da carcaça fria (PCF, não houve efeito para nenhuma das variáveis analisadas, exceto para os pesos de paleta e costela superior, que mostraram efeito linear crescente com o aumento nos níveis de energia na dieta. Os índices de compacidade de carcaça e perna não foram influenciados pelo incremento energético na dieta. Quanto à espessura de gordura e área de olho de lombo, não foram encontrados efeitos significativos. Não foi observado efeito significativo para os constituintes não-carcaça, exceto para gordura interna-GI e para conteúdo do trato gastrintestinal - CTGI e rúmen/retículo - R/R, que mostraram efeito linear crescente e decrescente, respectivamente.Carcass characteristics, cut dressing and body constituents were determined according to the different dietary energy levels. Eighteen Santa Inês sheep (averaging live weight of 20 kg and six months old were full fed diets with 2.43, 2.66 and 2.88 Mcal of metabolizable energy (ME/kg of dry matter (DM. The

  1. Desempenho e digestibilidade de nutrientes em ovinos alimentados com rações contendo farelo de babaçu Performance and nutrient digestibility on lambs fed diets containing different levels of babassu meal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antônio Robson Bezerra Xenofonte

    2008-11-01

    Full Text Available Com o objetivo de avaliar o desempenho, o consumo voluntário e a digestibilidade dos nutrientes, foram utilizados 24 ovinos sem raça definida (SRD, machos não-castrados, com peso inicial de 20 ± 3,25 kg e 4,6 ± 0,8 meses de idade. Os animais foram mantidos em confinamento e alimentados com dietas com farelo de babaçu (0, 10, 20 e 30% em substituição ao feno de capim-colonião. As dietas, isoprotéicas e isoenergéticas, foram fornecidas em forma de ração completa. Utilizou-se um delineamento em blocos casualizados, com quatro tratamentos e seis repetições. O consumo de matéria seca foi influenciado pela inclusão do farelo de babaçu na dieta e apresentou redução de 302 g/dia a cada 10% de participação de farelo de babaçu. A ingestão dos nutrientes e o desempenho foram restringidos pela diminuição do consumo de matéria seca. A inclusão do farelo de babaçu reduziu linearmente o ganho de peso dos animais. A digestibilidade dos nutrientes foi influenciada pelos níveis de farelo de babaçu, mas esse aumento está associado às reduções na ingestão de matéria seca. O farelo de babaçu, ao ser utilizado como alternativa de alimento para cordeiros em crescimento, compromete o consumo de alimentos e o ganho de peso dos animais.With the objective to evaluate the performance, voluntary intake and nutrient digestibilities, 24 NDB (no defined breed, non castrated male lambs with 20 ± 3.25 BW initial and 4.6 ± 0.8 months old were used. Animals were kept in feedlot and fed diets with babassu meal (0, 10, 20 and 30% in substitution to Panicum maximum Jack hay. The diets, isoprotein and isonitrogenous, were fed in a complete mix ration. A completely blocks randomized design, with four treatments and six replicates was used. The dry matter intake was influenced by the inclusion of babassu meal in the diet and presented a reduction of 302 g/day for each 10% of babassu meal inclusion. Nutrient intake and performance were limited by

  2. Caracterização epidemiológica e fatores de risco associados à infecção por Chlamydophila abortus em ovinos deslanados do semiárido brasileiro Epidemiological characterization and risk factors associated with Chlamydophila abortus infection in sheep in Brazilian semiarid

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Areano E.M. Farias

    2013-03-01

    Full Text Available O objetivo do presente trabalho foi determinar as prevalências de propriedades positivas e animais soropositivos para Chlamydophila abortus em ovinos deslanados da região semiárida do Nordeste do Brasil, bem como identificar fatores de risco. Foram colhidas amostras de sangue de 476 ovinos procedentes de 72 propriedades em 14 municípios na mesorregião do Sertão, Estado da Paraíba. Para o diagnóstico sorológico da infecção por Chlamydophila abortus foi utilizada a reação de fixação de complemento (RFC. Uma propriedade foi considerada positiva quando apresentou pelo menos um animal soropositivo. Das 72 propriedades usadas 38 (52,8% apresentaram pelo menos um animal soropositivo, e dos 476 animais 94 (19,7% foram soropositivos. Participação em exposições (odds ratio =4,31; IC 95% =1,80-10,35; p=0,011 foi identificada como fator de risco. Sugere-se que a infecção por Chlamydophila abortus encontra-se disseminada em ovinos da região, e baseando-se na análise de fatores de risco, recomenda-se o controle sanitário nas exposições de animais.The aim of this investigation was to determine the flock-level and animal-level prevalences of Chlamydophila abortus in sheep from the semiarid region of Northeastern Brazil, as well as to identify risk factors. Blood samples were collected from 476 sheep of 72 flocks in 14 counties in the Sertão mesoregion, state of Paraíba. For the serological diagnosis of Chlamydophila abortus infection the complement fixation test (FC was carried out. A flock was positive when presented at least one seropositive animal. From the 72 flocks, 38 (52.8% presented at least one seropositive sheep, and 94 (19.7% of the 476 animals were seropositive. Participation in animal expositions (odds ratio= 4.31; 95% CI= 1.80-10.35; p=0.011 was identified as risk factor. It is suggested that C. abortus infection is spread in sheep of the region, and based on the risk factor analysis sanitary control in animal

  3. Avaliação do uso de frações indigestíveis do alimento como indicadores internos de digestibilidade em ovinos Evaluation of indigestible feed fractions as internal markers for predicting digestibility in lambs

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gilberto Vilmar Kozloski

    2009-09-01

    Full Text Available Avaliou-se o uso de matéria seca indigestível (MSi e de fibra detergente neutro indigestível (FDNi como indicadores internos de digestibilidade em ovinos. Utilizaram-se dados e amostras provenientes de seis ensaios independentes de digestibilidade com ovinos mantidos em gaiolas de metabolismo recebendo à vontade diversos tipos de volumoso e/ou concentrado. Os resíduos indigestíveis (MSi e FDNi foram determinados após 144 horas de incubação in situ de amostras de alimentos e fezes. O grau de recuperação da MSi variou de 64,8 a 108,5% e o da FDNi, de 49,5 a 67,9%. Quando a relação entre a concentração dos indicadores nas fezes e nos alimentos não foi corrigida para a recuperação fecal, a maior parte das estimativas médias de digestibilidade da matéria orgânica dos experimentos foi inferior às médias obtidas in vivo. Quando a relação foi corrigida para a recuperação fecal, as estimativas médias de digestibilidade da matéria orgânica usando os dois indicadores foram similares às obtidas in vivo em todos os experimentos. Quando as estimativas individuais, corrigidas para recuperação fecal do indicador, foram relacionadas às observações in vivo por análise de regressão, o coeficiente de regressão linear foi similar a 1 usando a MSi, mas foi menor que 1 usando a FDNi. Os valores individuais de digestibilidade da matéria orgânica estimados com os dois indicadores, contudo, foram pobremente relacionados às observações in vivo (r² variou de 0,60 a 0,63. Corrigindo-se para a recuperação fecal, a matéria seca residual após 144 horas de incubação in situ pode ser utilizada como indicador interno para estimar a digestibilidade média da dieta consumida por um grupo de animais, mas não é precisa para detectar pequenas diferenças na digestibilidade de alimentos impostas pelos tratamentos em um experimento.The use of indigestible dry matter (iDM and indigestible neutral detergent fiber (iNDF as internal

  4. Regime alimentar para ganho compensatório de ovinos em confinamento: composição regional e tecidual da carcaça Diet for compensatory gain of feedlot lambs: commercial composition of carcass cuts and tissues

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    G.H. Nóbrega

    2013-04-01

    Full Text Available Determinou-se o efeito do regime alimentar para ganho compensatório sobre a composição regional e tecidual da carcaça de cordeiros terminados em confinamento. Foram utilizados 40 ovinos Santa Inês, machos, com média de 17±1,7kg de peso vivo (PV e 100 dias de idade. Ao final do período de confinamento, os cordeiros foram abatidos, e a meia carcaça esquerda foi seccionada em cinco cortes comerciais primários: pescoço, paleta, costilhar, lombo e perna. A perna foi dissecada em músculos, ossos e gorduras, e, em seguida, teve seu índice de musculosidade determinado. Foi mensurada a hipertrofia muscular por meio da média do diâmetro das fibras musculares. O peso (g da meia carcaça esquerda, do pescoço, da paleta, do costilhar, do lombo e da perna diminuiu linearmente, à medida que aumentou o nível de restrição prévia, de 0% até 60%, variando, respectivamente, de 11497,4 a 8888,5; de 1453,8 a 1211,4; de 1955,4 a 1560,9; de 3420,0 a 2604,6; de 1669,4 a 1161,6 e de 2998,8 a 2350,0. No rendimento dos cortes, apenas o lombo sofreu efeito do regime alimentar, diminuindo de 14,5 para 13,1%. O índice de musculosidade da perna (0,42 a 0,39 e o diâmetro das fibras musculares (46,0 a 43,4µm também diminuíram com o aumento da restrição prévia. A restrição alimentar seguida por realimentação diminui o peso dos cortes e não afeta seu rendimento; diminui também a proporção de gordura da carcaça, produzindo, assim, cortes mais leves e carne com menor teor de gordura.The effect of diets for compensatory gain on the commercial cut yield and carcasses tissue composition of finished feedlot lambs was determined. A total of 40 Santa Inês lambs, with mean body weight (BW of 17±1.7kg and 100 days old were used. The lambs were slaughtered; the left half carcass was sectioned into five primary commercial cuts: neck, shoulder, rib, loin and leg. The leg was dissected into muscle, bone and fat, and then the muscularity of the leg was

  5. Valor nutritivo de rações compostas de fontes de amido e de nitrogênio com alta e baixa degradabilidade ruminal Nutritive value of diets composed by starch and nitrogen sources with high and low ruminal degradability

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lúcia Maria Zeoula

    1999-01-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi avaliar o consumo, o coeficiente de digestibilidade aparente (CDA, o balanço de nitrogênio, o pH e a concentração de nitrogênio amoniacal no líquido ruminal de ovinos. Os animais foram alimentados com rações compostas de concentrados com diferentes degradabilidade ruminal das frações amido e nitrogênio das seguintes fontes: amido (AM de alta (triticale e baixa (milho degradabilidade ruminal combinada com fontes de nitrogênio (N de alta (farelo de canola + uréia e baixa (farelo de algodão + farinha de carne e ossos degradabilidade ruminal. Dezesseis carneiros Suffok castrados com peso médio de 37 kg PV foram usados para estimar os CDA por intermédio do método de coleta total de fezes e urina. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, com arranjo fatorial 2 x 2, com quatro repetições por tratamento. Na avaliação do pH e nitrogênio amoniacal, o delineamento usado foi de parcelas subdivididas, sendo os tratamentos considerados como parcelas e os tempos de amostragem como subparcelas. Maiores consumos de matéria seca (MS, proteína bruta (PB e fibra em detergente neutro (FDN foram observados nos animais alimentados com as rações que continham fontes de N de baixa degradabilidade ruminal. Maiores CDA da MS, PB e energia bruta foram observados para as rações com fontes de N de alta degradabilidade ruminal e do AM, para as rações com fontes de AM e N de alta degradabilidade ruminal. A fonte de N de baixa degradabilidade ruminal propiciou o maior valor de pH e a mais baixa concentração de amônia ruminal.The objective of this study was to evaluate the intake, apparent digestibility coefficient (ADC, nitrogen balance, pH and nitrogen ammonia concentration (N-NH3 in the ruminal fluid of sheep. The animals were fed diets composed by concentrates with different ruminal degradability of the fractions starch and protein from the used sources: starch with high (triticale and low (corn

  6. Desempenho de ovinos em capim-tanzânia sob lotação rotativa com quatro proporções de suplementação concentrada Performance of sheep raised on Tanzania grass under intermittent stocking with four proportions of concentrate supplementation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R.C.F.F. Pompeu

    2009-10-01

    Full Text Available Avaliou-se o desempenho de ovinos em capim-tanzânia sob lotação rotativa com quatro proporções de suplementação concentrada 0%, 0,6%, 1,2% e 1,8% do peso vivo (PV, e oito repetições, em delineamento inteiramente ao acaso, com período de ocupação de três dias e descanso de 21 dias. Foram avaliados o ganho médio diário (GMD, o ganho de peso total (GPT, o número de dias para alcançar 12kg (D12, a taxa de lotação em ovinos/ha (TLO e em UA/ha (TLUA, o rendimento de peso vivo (RPV e a conversão alimentar do concentrado (CAC. Observou-se efeito quadrático da proporção de suplementação sobre o GMD que foi estimado em 65,87 e 113,15g/dia para os animais não suplementados e suplementados com 1,8% do PV. O suplemento também teve efeito quadrático sobre o GPT. O D12 estimado para os ovinos não suplementados foi de 204 dias, reduzindo-se para 113 dias para os animais suplementados com 1,8% do PV. Quanto à TLO e TLUA, observou-se efeito quadrático da proporção de suplementação. Observou-se efeito linear negativo da proporção de suplementação sobre RPV. A CAC foi melhor entre os animais suplementados com 0,6% do PV. A utilização da suplementação até 1,2% PV melhorou o desempenho dos ovinos em pastejo.This study evaluated the performance of sheep raised on Tanzania grass under intermittent stocking with four supplementation proportions 0; 0.6; 1.2, and 1.8% of live weight (LW and eight replicates, in a completely randomized design with tree grazing periods, and 21 rest periods. The average daily gain (GMD, the total weight gain (GPT, the days to reach 12kg (D12, the stocking rate (sheep/ha - TLO and animal unit/ha - TLUA, the live weight yield (RPV, and the concentrate: gain ratio (CAC was evaluated. It was observed a square effect of supplementation proportions on GMD, estimated in 65.87 and 113.15g/day for male sheep that was not supplemented and received 1.8% LW supplement. It was observed a square effect of

  7. Plantas taniníferas e o controle de nematóides gastrintestinais de pequenos ruminantes Tanniferous plants and control of gastrointestinal nematodes of small ruminants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lorena Mayana Beserra de Oliveira

    2011-11-01

    Full Text Available Os nematóides gastrintestinais são responsáveis por acentuada redução na produtividade de ovinos e caprinos. Na tentativa de controlar esses parasitos, são utilizados diversos anti-helmínticos sintéticos, mas o desenvolvimento da resistência tem tornado esse controle pouco eficaz. Na busca por alternativas de controle dos nematóides gastrintestinais, a utilização de plantas taniníferas tem despertado interesse de pesquisadores em várias regiões do mundo. Essa revisão visa a abordar os diversos aspectos relacionados ao fornecimento dessas plantas a ovinos e caprinos, bem como os principais resultados obtidos em pesquisas utilizando taninos para o controle de nematóides de pequenos ruminantes.The gastrointestinal nematodes are responsible for a marked reduction in the productivity of sheep and goats. In an attempt to control these parasites, different synthetic anthelmintics are used, but development of resistance has become this control little effective. In the search for alternatives to control these nematodes, the use of tanniferous plants has attracted attention from researchers in different regions of the world. This review aims to address the various aspects related to the administration of these plants to sheep and goats, and the main results obtained from studies using tannins to control nematodes in small ruminants.

  8. Regime alimentar para ganho compensatório de ovinos em confinamento: desempenho produtivo e morfometria do rúmen e do intestino delgado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    G.H. Nóbrega

    2014-10-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar o efeito do regime alimentar para ganho compensatório sobre o desempenho produtivo, o peso do corpo vazio, o peso dos componentes abióticos, o peso e a proporção do TGI e a morfometria do rúmen e do intestino delgado de cordeiros terminados em confinamento. Para tanto, foram utilizados 40 cordeiros Santa Inês, machos não castrados, alojados em baias individuais. O confinamento foi dividido em dois períodos distintos de 42 dias: um de restrição alimentar, com quatro tratamentos (0, 20, 40 e 60% de restrição, e outro de realimentação, em que todos os animais foram realimentados sem restrição. Ao final do período de confinamento, os cordeiros foram abatidos para mensuração do peso do TGI, do peso dos componentes abióticos e para obtenção dos fragmentos do rúmen e do intestino delgado, os quais foram posteriormente utilizados na confecção das lâminas histológicas usadas para avaliação da morfometria das papilas ruminais e das vilosidades e criptas do intestino (µm. As variáveis relativas ao desempenho, além de peso ao abate, peso do corpo vazio e peso do TGI, diminuíram à medida que se aumentou o nível de restrição prévia. A largura das papilas ruminais diminuiu, variando de 555,7 a 470,3µm; a área das vilosidades do intestino aumentou, variando de 81042,8 a 92033,7µm2. O regime alimentar para ganho compensatório diminuiu o ganho de peso, o peso ao abate, o peso do corpo vazio e o peso do trato gastrintestinal de cordeiros Santa Inês, terminados em confinamento, além de afetar a morfometria das papilas ruminais e das vilosidades do intestino delgado.

  9. Eco-epidemiologia de Haemonchus contortus bahienses, ecotipo presente en ovinos de zonas aridas de Venezuela Eco-epidemiologia de Haemonchus contortus bahiensis, ecotipo presente em ovinos de zonas áridas da Venezuela Ecoepidemiology of Haemonchus contortus bahiensis: ecotype present in sheep of Venezuelan arid zone

    OpenAIRE

    Gustavo Morales; Pino,Luz A.

    1987-01-01

    Haemonchus contortus bahiensis Grisi, 1974 parasita a los ovinos de zonas áridas de Venezuela. En las hembras de dicho ecotipo la distribución de frecuencias por nosotros observada fue de un 15,32% para el morfotipo con lengüeta supravulvar, de un 51,61% para el botonado y de un 33,07% para el liso. Correspondiéndole a dicho ecotipo un índice de diversidad de Shannon-Weaver de 1,44 bits. Las medidas corporales, el tamaño de los huevos y el symlophe son similares en los tres morfotipos. La dis...

  10. Successful transplant of mesenchymal stem cells in induced osteonecrosis of the ovine femoral head: preliminary results Sucesso no transplante de células tronco mesenquimais em ovinos com osteonecrose induzida da cabeça do fêmur: resultados preliminares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Matheus Levi Tajra Feitosa

    2010-10-01

    Full Text Available PURPOSE: Evaluate the bone tissue recovery following transplantation of ovine mesenchymal stem cells (MSC from bone marrow and human immature dental-pulp stem cells (hIDPSC in ovine model of induced osteonecrosis of femoral head (ONFH. METHODS: Eight sheep were divided in three experimental groups. First group was composed by four animals with ONFH induced by ethanol through central decompression (CD, for control group without any treatment. The second and third group were compose by two animals, six weeks after ONFH induction received transplantation of heterologous ovine MSC (CD + oMSC, and hIDPSC (CD + hIDPSC, respectively. In both experiments the cells were transplanted without application of any type of immunosupression protocol. RESULTS: Our data indicate that both cell types used in experiments were able to proliferate within injured site providing bone tissue recovery. The histological results obtained from CD+hIDPSC suggested that the bone regeneration in such animals was better than that observed in CD animals. CONCLUSION: Mesenchymal stem cell transplant in induced ovine osteonecrosis of femoral head by central decompression technique is safe, and apparently favors bone regeneration of damaged tissues.OBJETIVO: Verificar os efeitos das células-tronco mesenquimais da medula óssea de ovinos e da polpa dentária imatura humana em ovinos com osteonecrose induzida, da cabeça do fêmur. MÉTODOS: Oito ovelhas foram distribuídas em três grupos experimentais. O primeiro grupo foi composto por quatro animais com osteonecrose da cabeça do fêmur induzida por etanol através da descompressão central, que não receberam nenhum tratamento. O segundo e o terceiro grupo, cada um composto por dois animais, receberam transplante heterólogo de células tronco mesenquimais de ovinos e polpa dentária imatura humana seis semanas após a indução da osteonecrose da cabeça do fêmur, respectivamente. Em ambos os grupos experimentais as c

  11. Consumo e comportamento ingestivo de caprinos e ovinos alimentados com palma gigante (Opuntia ficus-indica Mill e palma orelha-de-elefante (Opuntia sp. = Intake and ingestive behavior of sheep and goats fed with cactus pear (Opuntia ficus-indica Mill and prickly pear (Opuntia sp.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Agenor Costa Ribeiro Neto

    2008-04-01

    Full Text Available O presente trabalho teve por objetivo avaliar o consumo e comportamento ingestivo de caprinos e ovinos alimentados com palma Gigante (Opuntia ficus-indica Mill e palma Orelhade-elefante (Opuntia sp.. Foram utilizados 20 animais mestiços, sendo dez caprinos e dez ovinos, alojados em galpão coletivo, contidos individualmente por meio de cordas, distribuídos em delineamento inteiramente casualizado, em um arranjo fatorial 2 x 2 (duas espécies animais e duas variedades de palma. As observações comportamentais foram realizadas em intervalos de 5 min. por um período de 24h. Os consumos de matéria seca, extrato etéreo, fibra em detergenteácido, carboidratos totais e carboidratos não-fibrosos foram menores (p 0,05 sobre o tempo gasto comalimentação e eficiência de alimentação. O tempo gasto com ruminação foi maior para a dieta com palma Gigante, consequentemente os animais da dieta com palma Orelha-de-elefante permaneceram mais tempo em ócio. Comparando as espécies caprina e ovina, verificou-se que aeficiência de ruminação, tanto de MS quanto de FDN, foi maior para a espécie ovina. Os animais gastaram mais tempo ruminando deitados do que em pé, mas não foi verificada diferença quanto ao lado escolhido para deitarem.The objective of this study was to evaluate the intake and ingestive behavior of sheep and goats fed with cactus pear (Opuntia ficus-indica Mill and prickly pear (Opuntia sp.. Twenty crossbred animals – 10 sheep and 10 goats – were used. They were lodged in a collective shed, contained individually with ropes, distributed using a completely randomized design, and treated with a 2 x 2 factorial arrangement (2 animal species and 2 varieties of cactus. Behavioralobservations were made at five-minute intervals during a 24-hour period. Dry matter, ether extract, acid detergent fiber, total carbohydrate and non-fibrous carbohydrate intake were reduced (p 0.05 on feeding time and feeding efficiency. The time spent with

  12. Diferentes doses de ciclofosfamida no sistema imune de ovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Garcia Maurício

    2004-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de diferentes doses de ciclofosfamida como indutor de imunossupressão experimental em ovinos. Foram empregados 30 animais, divididos em quatro grupos experimentais. Os animais dos grupos I, II e III foram submetidos, respectivamente, às doses de 10, 25 e 40mg kg-1 e os do grupo IV não receberam a droga, permanecendo como controle. Todos os animais foram imunizados com vacina contra a brucelose e, seis dias após a vacinação, foi feita a titulação através da soroaglutinação rápida em placa. Foi feita também a contagem de linfócitos sangüíneos e a dosagem de gamaglobulinas séricas, diariamente, durante uma semana, após a aplicação da ciclofosfamida. Houve óbitos apenas em alguns animais do grupo III (40mg kg-1. Assim, a droga mostrou-se segura com doses inferiores a 25mg kg-1. Quanto à imunossupressão, a mesma pôde ser demonstrada tanto nos animais que receberam 25mg kg-1, quanto aqueles que receberam 40mg/kg, através da análise dos resultados das contagens de linfócitos e dos títulos pós-vacinais anti-brucela. A dose de 25mg kg-1 de ciclofosfamida mostrou-se, assim, a mais adequada para ser usada em modelos de imunodepressão em ovinos, considerando sua ação imunossupressora e sua segurança e toxicidade.

  13. Fluxo de biomassa em capim-tanzânia pastejado por ovinos sob três períodos de descanso Biomass flow in tanzaniagrass pasture under three resting periods grazed by sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Magno José Duarte Cândido

    2006-12-01

    Full Text Available Avaliou-se o fluxo de biomassa em Panicum maximum cv. Tanzânia pastejado por ovinos com três períodos de descanso (PD, definidos pela expansão de 1,5; 2,5 e 3,5 novas folhas por perfilho, em um delineamento inteiramente casualizado, com duas repetições (piquetes. Estimaram-se as taxas de alongamento de lâmina foliar total (TAlF, de senescência de lâminas foliares remanescentes do pastejo anterior (TSFA, de senescência das novas folhas formadas no PD (TSFP e de senescência total (TSFT=TSFA+TSFP, a taxa de alongamento das hastes (TAlH, a razão entre as TAlF das folhas 1 e 2 (razão TAlF1/TAlF2, a densidade populacional de perfilhos (DPP, o filocrono e as taxas de crescimento (TCC e de acúmulo (TAC da cultura. A razão TAlF1/2 não foi afetada pelos PD, mas reduziu ao longo dos ciclos na pastagem sob PD 3,5. A TAlF não foi afetada pelos PD. A TAlH, a TSFA e a TSFT na pastagem sob PD 1,5 foram menores que nas demais. Houve TSFP somente na pastagem sob PD 3,5. O filocrono da pastagem sob PD 1,5 foi superior ao observado nas demais. A densidade populacional de perfilhos (DPP da pastagem sob o PD 2,5 foi similar à verificada na pastagem sob PD 1,5 e superior à verificada sob PD 3,5. Houve redução na DPP ao longo dos ciclos na pastagem sob PD 3,5. As taxas de crescimento (TCC e de acúmulo (TAC foram superiores na pastagem sob PD 2,5. O prolongamento do PD elevou as TAlH e TSFT e reduziu a DPP e a TAC. Portanto, o PD do capim-tanzânia pastejado por ovinos não deve exceder o tempo necessário à expansão de 2,5 novas folhas por perfilho.The biomass flow in Panicum maximum cv. Tanzânia pasture grazed by sheep under three resting periods (PD, defined by the expansion of 1.5; 2.5 and 3.5 new leaves per tiller (1.5F; 2.5F and 3.5F, respectively was evaluated in a randomized completely design with two replicates (paddocks. It was determined the leaf elongation rate (TAlF, the residual leaf senescence rate (TSFA, the post-grazing leaf

  14. Defeitos congênitos diagnosticados em ruminantes na Região Sul do Rio Grande do Sul Congenital defects in ruminants in southern Brazil.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Clairton Marcolongo-Pereira

    2010-10-01

    Full Text Available Foi realizado um estudo dos defeitos congênitas diagnosticados em bovinos, ovinos e bubalinos mediante revisão dos protocolos de necropsia do Laboratório Regional de Diagnóstico da Faculdade de Veterinária da Universidade Federal de Pelotas entre 1978 e 2009. A ocorrência de defeitos congênitos em bovinos, ovinos e bubalinos representou 0,88%, 0,36% e 7,54% respectivamente, de todos os materiais dessas espécies recebidos. Em bovinos os defeitos esporádicos representaram 45,83% dos diagnósticos, os hereditários 6,25%, os provavelmente hereditários 29,16% e os ambientais ou provavelmente ambientais 16,66%. Dos 48 casos de defeitos congênitos diagnosticados em bovinos 21 (43,75% afetaram o sistema esquelético (condrodisplasia, escoliose, desvio lateral da mandíbula, fenda palatina e malformação não classificada, nove (18,75% o sistema nervoso central (hipoplasia dos lobos frontais e olfatórios, degeneração cerebelar cortical, espinha bífida, hipomielinogênese congênita, hipermetria hereditária, hipoplasia cerebelar e paquigiria, nove (18,75% o sistema muscular (artrogripose, três (6,25% o sistema cardiovascular (persistência do ducto arterioso e malformação não classificada, um (2,08% o sistema linfático (hipoplasia linfática, um (2,08% o sistema gastrintestinal (atresia anal, e, um (2,08% o olho (catarata congênita. Em cinco casos (10,41% vários sistemas estavam afetados (diprosopo. Em bovinos foram diagnosticadas diversas doenças hereditárias (hipermetria hereditária, artrogripose, hipoplasia linfática ou suspeitas de serem hereditárias (condrodisplasia. Ocorreram, também, com menor freqüência, defeitos congênitos de origem ambiental (hipomielinogenese, por carência de cobre ou possivelmente ambiental (fenda palatina, hipoplasia cerebelar, degeneração cerebelar cortical. Todos os casos de defeitos congênitos observados em ovinos (gêmeos anômalos e aprosopia afetaram vários sistemas e eram espor

  15. Descelularização como método anticalcificante em próteses valvares de pericárdio bovino sem suporte: estudo em ovinos Decellularization as an anticalcification method in stentless bovine pericardium valve prosthesis: a study in sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudinei Collatusso

    2011-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o processo de descelularização com dodecil sulfato de sódio (SDS como método anticalcificante em próteses de pericárdio bovino fixadas em glutaraldeído, em modelo circulatório de ovinos. MÉTODOS: Tubos valvulados de pericárdio bovino foram implantados em posição pulmonar de ovinos por 180 dias. Os animais foram divididos em dois grupos com oito animais: grupo controle, com condutos de pericárdio fixado em glutaraldeído e grupo estudo, com pericárdio descelularizado com SDS 0,1% e posteriormente fixado em GDA. Os explantes foram submetidos à análise macroscópica, histológica com hematoxilina-eosina, alizarina-red e pentacrômico de Russel-Movatz, estudo radiológico e quantificação de cálcio com espectrometria de absorção atômica. RESULTADOS: Não houve mortalidade imediata, porém dois animais de cada grupo faleceram na evolução tardia. Os enxertos do grupo controle apresentavam intensa calcificação das cúspides e em algumas regiões dos condutos, enquanto que os enxertos descelularizados apresentavam-se preservados, sem calcificações macroscópicas evidentes. Esses resultados foram comprovados por análise histológica e radiográfica. Histologicamente, os enxertos descelularizados tiveram sua matriz melhor preservada e com diminuição acentuada da calcificação. O conteúdo de cálcio nos condutos foi de 35±42 µg/mg de tecido no grupo controle versus 15 ±10 µg/mg nos descelularizados. Nas cúspides valvares, esses valores foram de 264±126 µg/mg no grupo controle versus 94±27 µg/mg nos descelularizados (P=0,009. CONCLUSÃO: A descelularização com SDS 0,1% foi efetiva como método anticalcificante em condutos de pericárdio bovino implantados em modelo circulatório de ovinos por 180 diasOBJECTIVE: The objective was to analyze the decellularization process with SDS in glutaraldehyde-preserved bovine pericardium as an anticalcification method in a circulatory sheep model. METHODS: The

  16. Retenção do fósforo de fenos de gramíneas tropicais em ovinos Phosphorus balance in sheep fed on tropical grass hays

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R.A. Reis

    1999-06-01

    Full Text Available Mediu-se a retenção do fósforo de quatro gramíneas tropicais, capim-gordura (Melinis minutiflora, capim-braquiária (Brachiaria decumbens, capim-coastcross (Cynodon dactilon e capim-colonião (Panicum maximum, em cinco ovinos por meio de ensaios de balanço de fósforo. O experimento constou de quatro fases, cada uma com duração de 21 dias (14 dias de adaptação à dieta e sete dias de colheita de fezes, totalizando 20 observações. A análise dos dados foi feita por polinômios ortogonais, testando-se os efeitos de tratamento, de período e de animal, e os contrastes foram comparados pelo teste F. A retenção de fósforo foi negativa nos fenos dos capins gordura, braquiária e coastcross e positiva no feno do capim-colonião. Por análise de regressão, a perda fecal do fósforo endógeno foi estimada em 15,5mg/kg PV/dia e o coeficiente médio de retenção foi de 0,37. Pela razão entre o balanço e a ingestão, estimou-se que o consumo de fósforo necessário para alcançar o equilíbrio foi de 44mg/kg PV/dia.One experiment was conducted using five adult sheep fed on four tropical grass hays to determine phosphorus (P retention. The experiment consisted of four periods of 21 days (14 days adaptation and seven days faeces collection. The treatments were: A molasses grass (Melinis minutiflora, B brachiaria grass (Brachiaria decumbens, C coastcross grass (Cynodon dactilon and D Guinea grass (Panicum maximum. Phosphorus concentrations were 0.05%, 0.07%, 0.11% and 0.18% for treatments A, B, C and D, respectively. The effects of treatment, period and animal were evaluated by ortogonal polynomials and the contrasts by F test. Negative P balances were produced in treatments A, B and C (-13.05, -9.36 and -8.26mg/kg LW/day, respectively which were not significantly different from each other. Positive P balance of 8.14mg/kg LW/day was produced in treatment D, which was significantly higher (P<0.05 than treatments A, B and C. Endogenous losses

  17. Níveis de farelo de melancia forrageira em dietas para ovinos Levels of forage watermelon meal in diets for sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raimundo Luiz Nunes Vaz da Silva

    2009-06-01

    Full Text Available Com o objetivo de estudar a inclusão de 20, 35, 50, 65 ou 80% de farelo de melancia forrageira (Citrullus lanatus cv. citroides (FMF em dietas à base de feno de guandu (Cajanus cajan, foi realizado um ensaio de digestibilidade utilizando-se 20 cordeiros com 6 meses de idade e peso vivo de 11,2 ± 1,2 kg. O experimento constou de 20 dias de adaptação e 5 de coleta total de sobras e de fezes. O farelo de melancia forrageira e o feno de guandu apresentaram 95,3 e 95,75% de matéria seca (MS, 18,7 e 16,8% de proteína bruta (PB e 38,8 e 64,3% de fibra em detergente neutro (FDN. Os níveis de farelo de melancia forrageira determinaram aumento quadrático nos consumos de MS, MO, PB, FDN, FDA, hemicelulose e carboidratos totais. O consumo de extrato etéreo não foi alterado, mas o consumo de CNF teve aumento linear conforme aumentaram os níveis de farelo de melancia forrageira. Os coeficientes de digestibilidade de MS (58%, PB (69%, FDN (41% e EE (85% não foram influenciados pelo nível de farelo de melancia forrageira. As digestibilidades de MO (54 a 62%, FDA (36 a 49% e carboidratos totais (47 a 58% variaram linear e positivamente, enquanto a digestibilidade da hemicelulose teve comportamento inverso. As dietas proporcionaram consumo de matéria seca que atendeu a exigência dos animais. Os coeficientes de digestibilidade observados foram satisfatórios. O farelo de melancia forrageira pode ser indicado para compor dietas à base de feno de guandu em níveis de 35 a 66% da matéria seca.In order to study the inclusion of forage watermelon (Citrullus lanatus var. Citroides meal (FWM in pigeon pea hay based diets (Cajanus cajan (PPH, a digestibility trial in sheep was carried out for testing five levels of FWM (20, 35, 50, 65 and 80%. Twenty lambs with an average age of six months and live weight of 11.2 kg (± 1.2 were used. The experimental period was twenty days for adaptation and five days for total refuses and feces collection. The chemical

  18. OBTENTION METHODS OF RESPIRATORY TRACT CELSS IN HEALTHY SHEEP BY THE TRACHEOBRONCHEAL LAVAGE TECHNIQUE BY NASOTRACHEAL VIA METODOLOGIA DE COLHEITA DE CÉLULAS DO TRATO RESPIRATÓRIO EM OVINOS SADIOS ATRAVÉS DA TÉCNICA DE LAVAGEM TRAQUEOBRÔNQUICA POR VIA NASOTRAQUEAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberto Calderon Gonçalves

    2008-07-01

    Full Text Available

    The technique of pulmonary cells obtention by nasotracheal intubation was evaluated and the cellular population of 19 healthy sheep was characterized. The animals were hold standing still with head and neck strait; aligned with the vertebral spine and a silicone tube guide till the carina, to introduce a lower caliber tube for precede the tracheobronchial lavage. The average counting of nucleated cells was 64.650 ± 49.674. The cytological analyses of the samples slowed by the average of obtained percentages: 62.74% of macrophages, 15.01% cylindrical epithelial cells, 20.04% of neutrophills, 1.44 of lymphocytes and 0.77% of eosinophills. It was concluded that this methods of sample obtention by nasotracheal intubation to reach the tracheobronchial region was efficient to cytological characterization and cellular differentiation in the obtained samples, being well supported by the animals.

     

    KEY WORDS: Citocentrifugation, cytology, tracheobronchial lavage, sheep.

    Avaliou-se a técnica de colheita de células do trato respiratório em ovinos, por sondagem nasotraqueal, e caracterizou-se a população celular em dezenove ovinos clinicamente sadios. Os animais foram contidos em estação, com cabeça e pescoço estendidos e alinhados com a coluna vertebral. Após a contenção, introduziu-se uma sonda-guia siliconizada até a bifurcação da traquéia, por dentro da qual se passou uma sonda de menor calibre, para realização do lavado traqueobrônquico. A média da contagem de células nucleadas foi de 64.650 ± 49.674. A análise citológica das amostras evidenciou, pelas médias das porcentagens obtidas, 62,74% de macrófagos, 15,01% de células epiteliais cilíndricas, 20,04% de neutrófilos, 1,44% de linfócitos e 0,77% de eosinófilos. Concluiu-se que o método de colheita por sondagem nasotraqueal foi eficiente na obtenção de amostras de regi

  19. Avaliação da absorção colostral em neonatos ovinos da raça Bergamácia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C.M.V. Ulian

    2014-06-01

    Full Text Available Objetivou-se determinar o período de absorção das macromoléculas colostrais e a transferência de imunidade passiva em cordeiros da raça Bergamácia. Avaliou-se o proteinograma sérico dos cordeiros antes da ingestão de colostro até 48 horas de vida e das frações colostrais ao nascimento e 12 horas pós-parto. Foi avaliada a concentração de proteína total no soro por refratometria e sua relação com a densidade e quantidade de gamaglobulinas presentes no colostro. A concentração sérica de gamaglobulina nos cordeiros variou de 0,111±0,07g/dL antes da ingestão de colostro a 1,609±0,72g/dL às 48 horas. Nas amostras de colostro, a concentração variou de 3,125±1,27g/dL, imediatamente após o parto, para 1,378±0,82g/dL, 12 horas após. A concentração de proteína sérica total teve acréscimo de 4,46±0,58g/dL para 5,61±0,75g/dL entre o nascimento e após 48 horas, apresentando correlação positiva com a densidade e a proteína total colostral. A absorção colostral pelo cordeiro foi ascendente até 24 horas subsequentes ao parto, quando, então, iniciou-se sua estabilização. A quantificação da proteína sérica, com uso de refratômetro nos cordeiros, pode ser usada como método para avaliar a transferência de imunidade passiva, pois está diretamente relacionada com a absorção de gamaglobulina colostral.

  20. Doenças do sistema digestório de caprinos e ovinos no semiárido do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Milena A. Aragão de Lira

    2013-02-01

    Full Text Available As doenças do sistema digestório de caprinos e ovinos na região semi-árida do nordeste do Brasil foram avaliadas através de um estudo retrospectivo de 2.144 atendimentos de pequenos ruminantes no Hospital Veterinário da Universidade Federal de Campina Grande, Patos, Paraíba, no período de janeiro de 2000 a dezembro de 2011. Os registros foram revisados para determinar a ocorrência e as principais características clínicas, epidemiológicas e patológicas dessas enfermidades. De um total de 512 casos (23,9% de distúrbios digestivos, 367 (71,7% ocorreram em caprinos e 145 (28,3% em ovinos. As helmintoses gastrintestinais e a coccidiose foram as doenças mais frequentes, com um total de 330 casos. Os distúrbios da cavidade ruminoreticular (acidose, indigestão simples, timpanismo, e compactação ruminal totalizaram 94 casos. O abomaso foi afetado primária e secundariamente por úlceras. Casos de obstrução e compressão do trato gastrointestinal também foram observados. Malformações como atresia anal e fenda palatina foram registradas em ambas as espécies, sendo esta última associada à ingestão de Mimosa tenuiflora. Entre as doenças infecciosas foram observados cinco casos de ectima contagioso, dois casos de paratuberculose e dois casos de pitiose gastrointestinal. Em sete animais suspeitou-se de enterotoxemia e 31 casos foram diagnosticados como enterite inespecífica. A não utilização de práticas de controle integrado de parasitas e a utilização de alimentos inadequados durante o período de escassez de forragem contribuiu para a ocorrência de um grande número de doenças. A prática de conservação de forragens poderia reduzir substancialmente a ocorrência de distúrbios digestivos na região semiárida.

  1. Utilização de vagens de Prosopis juliflora na alimentação de ovinos e caprinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Franklin Riet-Correa

    2012-10-01

    Full Text Available Sinais nervosos associados à ingestão de vagens de Prosopis julilora tem sido descritos em aprinos adultos pastejando continuamente em áreas invadidas por esta planta. A doença não tem sido constatada em ovinos, mas nesta espécie o pastejo em áreas invadidas por P. julilora tem sido associado à ocorrência de malformações. O presente trabalho objetivou estudar a toxicidade sobre o sistema nervoso e o efeito teratogênico de vagens de P. julilora (algaroba em ovinos e avaliar a sua toxicidade em caprinos. Para isso foram realizados três experimentos. No Experimento 1, grupos de quatro ovinos receberam vagens na concentração de 0, 60% e 90% da alimentação durante um ano. No Experimento 2, sete ovelhas ingeriram vagens, em quantidades equivalente a 2,1% do peso corporal (pc durante toda a gestação. No Experimento 3, três caprinos receberam vagens em quantidade equivalente a 1,5% do pc por periodos de 264, 474 e 506 dias. Nenhum animal experimental apresentou sinais nervosos e no Experimento 2 todas as ovelhas pariram cordeiros normais. Esses resultados sugerem que as vagens de algaroba podem ser utilizadas sem restrição na alimentação de ovinos. Em um trabalho anterior as vagens de algaroba, nas concentrações de 60% e 90% da alimentação, causaram intoxicação em caprinos apos 210 dias de ingestão o que sugere que ocorrem variações na toxicidade das vagens. Recomenda-se que caprinos não permaneçam em áreas invadidas por algaroba por mais de um periodo de frutificação da planta.

  2. DEVELOPMENT AND STANDARDIZATION OF AN INDIRECT ELISA FOR THE DIAGNOSIS MAEDI-VISNA IN SHEEP DESENVOLVIMENTO E PADRONIZAÇÃO DE UM ELISA INDIRETO PARA DIAGNÓSTICO DE MAEDI VISNA EM OVINOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tânia Valeska Medeiros Dantas

    2008-04-01

    por centrifugação a 3.000 g por 40 minutos A suspensão clarificada foi precipitada por PEG 8000, centrifugada a 12.000 g por 60 minutos, o pellet ressuspendido em TNE (Tampão Tris-HCl, NaCl, EDTA e ultracentrifugado a 42.000 g por 105 minutos em colchão de sacarose, e ressuspendido em PBS contendo phenylmethylsulphonyl fluoride (PMSF. Realizou-se o ELISA em microplacas de 96 poços, incubadas por 1h a 37 ºC, utilizando-se como revelador o-phenylenediamine (OPD. Para a comparação entre os testes de ELISA e AGID, utilizaram-se 175 amostras de soros. A concentração ótima do antígeno foi a de 2 µg/mL e a melhor diluição dos soros, controles e testes de 1:100. O ELISA detectou um maior número de positivos (40 que o AGID (11, apresentando uma sensibilidade de 91%, especificidade de 82%. O ELISA promoveu uma melhor sensibilidade que o AGID. Embora sua especificidade tenha ficado abaixo do esperado, seu uso pode ser indicado como teste de diagnóstico de MVV.PALAVRAS-CHAVES: Diagnóstico sorológico, ELISA, lentivírus ovino, MaediVisna.

  3. Isolamento e PCR para detecção de Mollicutes em muco vaginal e sua associação com problemas reprodutivos em ovinos criados na região de Piedade, São Paulo, Brasil Mollicutes isolation and PCR on ovine vaginal mucous and its association with reproductive problems in Piedade, SP, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Huber Rizzo

    2011-02-01

    Full Text Available Pesquisou-se Mycoplasma spp, Ureaplasma spp e Acholeplasma laidlawiii em amostras de muco vaginal de 60 ovinos, criados na região de Piedade no Estado de São Paulo, Brasil, que apresentavam ou não vulvovaginite no exame específico do sistema genital. A caracterização desses microrganismos baseou-se no cultivo e detecção do respectivo DNA pela Reação da Polimerase em Cadeia (PCR com os primers para classe Mollicutes (GPO e MGSO, para o gênero Ureaplasma (UGPF e UGPS e a espécie Acholeplasma laidlawii (UNI e ACH3. A presença de micoplasmas não foi associada com distúrbios do trato reprodutivo dos animais, entretanto todos os isolados obtidos de Ureaplasma spp foram provenientes de animais com distúrbios reprodutivos, sugerindo o possível envolvimento desse agente nas enfermidades da reprodução. A PCR para a espécie Acholeplasma laidlawii detectou somente uma amostra positiva.It was evaluated the presence of Mycoplasma spp, Ureaplasma spp and Acholeplasma laidlawiii in 60 samples of ovine vaginal mucous with the presence or absence of vulvovaginitis in the specific exam of the reproductive tract. The microorganisms were characterized based on bacteriological culture and DNA detection by Polymerase Chain Reaction (PCR with specific primers to Mollicutes (GPO and MGSO, Ureaplasma (UGPF and UGPS and Acholeplasma laidlawii (UNI and ACH3. The presence of mycoplasmas could not be associated with reproductive disorders in animals. The PCR to Acholeplasma laidlawii detected only one positive sample. However, all isolations of Ureaplasma spp were from animals presenting reproductive disorders, suggesting a possible involvement of this agent in reproductive diseases.

  4. Consumo e desempenho produtivo de ovinos alimentados com dietas que continham coprodutos do desfibramento do sisal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R.D. Santos

    2011-12-01

    Full Text Available Avaliaram-se o desempenho produtivo e o consumo de nutrientes e frações fibrosas em ovinos alimentados com dietas contendo coprodutos do desfibramento do sisal, Agave sisalana. Foram utilizados 24 ovinos, machos, alojados em baias individuais. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente ao acaso, com quatro tratamentos e seis repetições. Os tratamentos consistiram em quatro dietas isoproteicas, em que: i dieta padrão, contendo 38% de volumoso (silagem de milheto e 62% de concentrado (milho, farelo de soja e ureia; ii inclusão de 20% da silagem de mucilagem do sisal em substituição à silagem de milheto; iii inclusão de 20% da silagem de mucilagem associada ao pó da batedeira como aditivo em substituição à silagem de milheto; iv inclusão de 20% do feno da mucilagem em substituição à silagem de milheto. O peso corporal final, os ganhos médio diário e total e a conversão alimentar dos ovinos não foram influenciados pelas dietas avaliadas (P>0,05. Os consumos dos nutrientes, em g/dia e em %PC e g/kg0,75, não sofreram influência das dietas. Os resultados indicam que as dietas à base de coprodutos do sisal podem ser utilizadas como alternativa volumosa, além de possibilitar o aumento da rentabilidade da atividade na região semiárida brasileira.

  5. Comportamento ingestivo de ovinos alimentados com rações contendo quatro níveis de inclusão do farelo de mamona

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marieta Maria Martins Vieira

    2011-08-01

    Full Text Available Este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de observar a influência de quatro níveis de substituição (0; 50; 75 ou 100% do farelo de soja pelo farelo de mamona destoxificado em rações para ovinos mestiços 1/2 Morada Nova x 1/2 SPRD (sem padrão racial definido sobre o seu comportamento ingestivo. O delineamento utilizado foi o inteiramente casualizado com quatro tratamentos e cinco repetições. Os ovinos eram machos, inteiros, com peso corporal 18,01 ± 1,41 kg e idade média de 7 meses. Foram avaliadas atividades contínuas (tempo de alimentação, ruminação, outras atividades e ócio e pontuais (consumo de sal, ingestão de água, micção e defecação, como também a eficiência de alimentação (EAL, eficiência de ruminação (ERU, tempo de alimentação (TAL, tempo de ruminação (TRU, tempo de mastigação total (TMT, número de bolos ruminais (BOL, tempo de mastigações merícicas por bolo ruminal (MMtb e número de mastigações merícicas por bolo ruminal (MMnb. As variáveis tempo de alimentação, ruminação, outras atividades, ócio, consumo de sal e ingestão de água foram afetadas (P<0,05, especialmente o MMnb, que foi inferior para os animais alimentados com as rações com 100% de substituição, possivelmente pelo seu menor teor de fibra (oriundo da forragem, sendo possível a substituição total do farelo de soja pelo farelo de mamona destoxificado.

  6. Há equivalência entre a temperatura da membrana timpânica e a temperatura retal em ovinos Santa Inês normotérmicos? Is there equivalence between the tympanic membrane temperature and the rectal temperature in normothermic Santa Ines sheep?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudia Del Campo

    2008-09-01

    Full Text Available A utilização do termômetro de raios infravermelhos para a aferição da temperatura timpânica em animais tem se tornado uma alternativa prática na clínica veterinária. Em ovinos, a mensuração da temperatura timpânica não foi suficientemente comparada com a aferição da temperatura retal. Este estudo avaliou a equivalência entre a temperatura timpânica e a temperatura retal em 16 ovinos da raça Santa Inês. Durante a coleta de dados, a temperatura e a umidade relativa do ar foram monitoradas e não houve correlação entre estas e a temperatura corporal. A análise da equivalência, pelo método da diferença entre as temperaturas, resultou em temperaturas timpânicas mais baixas (entre 35 e 36,9°C, para ambos os ouvidos que a temperatura retal (entre 39 e 38°C. Os limites de concordância das comparações entre a temperatura retal e as temperaturas timpânicas foram acima do valor pré-estabelecido. A localização anatômica dos locais aferidos e o tipo de termômetro contribuíram para as diferenças de temperatura. A temperatura retal e a temperatura timpânica foram independentes, sugerindo não haver equivalência entre ambas.The use of infrared thermometers to obtain the tympanic temperature in animals has become a convenient alternative in veterinarian medicine practice. In sheep, tympanic and rectal temperatures have not yet been compared enough. This study evaluated the equivalence between the tympanic and the rectal temperatures in sixteen Santa Ines sheep. During data collection, air temperature and humidity were monitored and there was no discernible correlation between these and the ovine body temperature. The analysis of the equivalence, as measured by the method of the difference amongst temperatures, resulted in lower tympanic temperature (between 35 and 36.9°C, for both ears than the rectal temperature (between 38 and 39°C. The agreement limit of the comparisons between the rectal and tympanic temperatures

  7. Capacidade de suporte de pastagens de capim-tifton 85 adubado com nitrogênio manejadas em lotação contínua com ovinos Carring capacity of Tifton 85 grass forage fertilized with nitrogen managed under continuous stocking with sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jailson Lara Fagundes

    2011-12-01

    Full Text Available Este ensaio foi realizado com objetivo de avaliar a densidade populacional de perfilhos, biomassa e densidade volumétrica de forragem, o desempenho de ovinos e a taxa de lotação em pastos de capim-tifton 85 adubados com nitrogênio e submetidos ao regime de lotação contínua. Foram avaliadas quatro doses de nitrogênio (0, 100, 200 e 400 kg/ha/ano, em delineamento experimental de blocos casualizados com quatro repetições. Os pastos de capim-tifton 85 sofreram influência da época de avaliação e das doses de nitrogênio, com efeito marcante na densidade populacional de perfilhos, na biomassa e na densidade volumétrica de forragem, que acabaram determinando o desempenho animal e a taxa de lotação. Quando manejados em pastejo contínuo com ovinos, o capim-tifton 85 possibilita aos animais desempenho satisfatório, em decorrência do efeito positivo da adubação nitrogenada na densidade populacional de perfilhos, na biomassa e na densidade volumétrica de forragem, permitindo maior taxa de lotação.This trial was conducted to evaluate the tiller population density, biomass and forage bulk density, sheep performance and stocking rate on pastures of Tifton 85 fertilized with nitrogen and subjected to continuous stocking system. Four doses of nitrogen (0, 100, 200 and 400 kg/ha/year, arranged in randomized blocks design with four replications were evaluated. The pastures of Tifton 85 were influenced by time of evaluation and nitrogen levels with a marked effect on tillers population density, biomass and forage bulk density, which ended up being crucial to animal performance and stocking rate. When managed in continuous grazing, Tifton 85 provides satisfactory performance of sheep due to the positive effect of nitrogen fertilization on tiller population density, biomass and forage bulk density, allowing better stocking rate.

  8. Relationship of intestinal histology with the resistance to Trichostrongylus colubriformis infection in three breeds of sheep Associação entre a resposta celular no intestino e a resistência à infecção por Trichostrongylus colubriformis em três raças de ovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alessandro F.T. Amarante

    2007-01-01

    Full Text Available The study was carried out to evaluate the relationship of inflammatory intestinal cells with the resistance to Trichostrongylus colubriformis infections in three breeds of sheep (Santa Ines, Suffolk and Ile de France, naturally infected. Mast cells, eosinophils, and globule leucocytes were enumerated in intestinal mucosa. Histamine concentration was estimated in intestinal tissue samples and the length of male and female specimens were determined. The three breeds of sheep showed similar cellular response in the small intestine mucosa (P>0.05. There was extensive variation among sheep in the parasitological and inflammatory cell variables, even in lambs of the same breed. In general, animals presenting less inflammatory cells had a larger worm burden, higher fecal egg counts, and larger T. colubriformis worms. The inflammatory cells possibly impaired the parasite's establishment, development, and survival.Avaliaram-se a associação entre o número de células inflamatórias no intestino delgado e a resistência à infecção por Trichostrongylus colubriformis em ovinos de três raças (Santa Inês, Suffolk e Ile de France, naturalmente infectados. Mastócitos, eosinófilos e leucócitos globulares foram quantificados na mucosa intestinal. A concentração de histamina foi estimada em amostras teciduais do intestino, bem como foi determinado o comprimento de machos e fêmeas de T. colubriformis. A resposta celular foi similar na mucosa intestinal das três raças ovinas (P>0,05. Houve grande variação entre os ovinos em relação aos resultados parasitológicos e celulares, mesmo nos animais de mesma raça. Em geral, os animais que apresentaram número menor de células inflamatórias tiveram cargas parasitárias maiores, contagens de ovos por grama de fezes mais altas e exemplares de T. colubriformis maiores. Os resultados indicaram que mastócitos, eosinófilos e leucócitos globulares prejudicaram o estabelecimento, o desenvolvimento e a

  9. EFEITO DA SUPLEMENTAÇÃO PROTÉICA SOBRE OS PARÂMETROS CLÍNICOS E PARASITOLÓGICOS DE OVINOS MANTIDOS EM PASTAGEM DE TIFTON 85 EFFECT OF PROTEIN SUPPLEMENTATION ON THE CLINICAL AND PARASITOLOGICAL PARAMETERS OF LAMBS UNDER PASTURE OF TIFTON 85

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Maia Nogueira

    2009-12-01

    Full Text Available

    A suplementação proteica pode ser uma importante ferramenta para os sistemas de produção de ovinos em pastagens tropicais. Objetivou-se com este trabalho avaliar os parâmetros clínicos e parasitológicos de ovinos mantidos em pastagem de Tifton 85 (Cynodon dactylon irrigada, recebendo suplementos com diferentes fontes proteicas. Foram utilizados 28 ovinos castrados e mestiços, distribuídos homogeneamente em quatro tratamentos. Além do controle não suplementado, os tratamentos avaliados foram: farelo de soja, ureia e torta de algodão. Realizou-se a vermifugação dos animais de acordo com o método Famacha©. Não houve diferença significativa (P>0,05 entre os tratamentos para o consumo de matéria seca total, ganho médio diário e ganho de peso total. Foi observado maior consumo de forragem (P<0,05 para os animais mantidos exclusivamente em pastagem. Estes animais também apresentaram maior contagem de ovos por grama de fezes (OPG (P<0,05 em comparação aos suplementados com ureia ou com torta de algodão. Não houve diferença significativa (P>0,05 para os diferentes tons de coloração da conjuntiva nem para o número de animais vermifugados. Observou-se uma prevalência de 72,0% a 83,0% de larvas de Trichostrongylus sp. As diferentes suplementações proteicas não influenciaram as características clínicas nem produtivas dos animais.

    PALAVRAS-CHAVES: Cynodon dactylon, endoparasitas, Famacha©, farelo de soja, torta de algodão, ureia.
    The protein supplementation may be an important tool for sheep production systems in tropical grazing. This work aimed to evaluate parasitological and clinical aspects of lambs under irrigated pasture of Tifton 85 (Cynodon dactylon and receiving supplementation from different protein sources. Twenty-eight, castrated and crossbreed lambs, were used as animal testers and allocated into four treatments. Besides the control with exclusively use of pasture

  10. Gene da Leptina em Ruminantes - Leptin Gene in Ruminants - Gen de leptina en rumiantes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dias Salman, Ana Karina

    2007-12-01

    Full Text Available ResumoA descoberta da leptina, um hormônio responsável pela regulação do consumo e do metabolismo energético, renovou o interesse sobre o estudo do controle homeostático do metabolismo energético. Sabe-se agora que o tecido adiposo branco não é apenas um tecido de reserva de energia, mas é também o maior sítio de produção da leptina, uma proteína com ação hormonal que na circulação sangüínea se liga a receptores específicos e no cérebro ativam o centro da saciedade sinalizando a quantidade de energia corporal depositada na forma de gordura. Desde a sua descoberta, a leptina vem sendo estudada como uma molécula com potencial para o tratamento de distúrbios metabólicos em humanos, como a obesidade, a anorexia e o diabetes. Para a produção animal, no entanto, o gene da leptina vem sendo associado com a manifestação de características como a deposição de gordura na carcaça, produção de leite, capacidade de consumo, conversão alimentar, bem como características reprodutivas. Esta revisão apresenta um breve histórico sobre a descoberta do gene da leptina, os mecanismos de regulação de sua expressão gênica, bem como a modulação fisiológica da sua proteína, enfatizando o seu potencial como gene candidato para uso como marcador molecular de características de interesse econômico em bovinos de corte e de leite. ResumenLa descubierta de leptina, una hormona responsable por la regulación del consumo y del metabolismo energético, revitalizó el interes sobre el estudio del control homeostático del metabolismo energético. Ahora, se ha sabido que el tejido adiposo nos es apenas un tejido de reserva de energía, pero es también considerado el mayor sitio de producción de la leptina, una proteína que en la circulación sanguínea se junta con receptores específicos y activan el centro de la saciedad en el cerebro señalizando la cuantidad de energía corporal depositada como grasa. Desde su descubierta

  11. Fermentação ruminal e eficiência microbiana em bezerros holandeses alimentados com dietas contendo diferentes níveis de concentrado Ruminal fermentation and microbial efficiency in Holstein calves fed diets with different concentrate levels

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Peter Johann Bürger

    2000-02-01

    Full Text Available RESUMO - Este trabalho foi realizado para avaliar os efeitos de diferentes níveis de concentrado sobre os parâmetros da fermentação ruminal, as digestibilidades aparente, total, ruminal e intestinal de N, a eficiência microbiana e o balanço de N. Cinco bezerros holandeses, inteiros, fistulados no rúmen e abomaso, com idade média inicial de 5,8±0,7 meses e 107,4±11,0 kg PV médio inicial, foram distribuídos em quadrado latino 5x5 (tratamento x período. Os animais foram alojados em baias individuais e alimentados à vontade com dietas contendo 30,0; 45,0; 60;0; 75,0; e 90,0% de concentrado, com base na MS, em rações contendo como volumoso, o feno de capim coast-cross e no concentrado, o farelo de soja, fubá de milho. Os valores de pH foram influenciados pelos níveis de concentrado das rações, e , 11,3 horas após a alimentação, foram estimandos os valores mínimos de 6,10; 5,89; 5,67; 5,46; e 5,24, para as rações com níveis de 30,0; 45,0; 60,0; 75,0; e 90,0%de concentrado nas rações, respectivamente. A concentração de amônia ruminal reduziu linearmente, em função dos tempos pós-alimentação, apresentando comportamento quadrático, com valores mínimos de 6,84; 7,14; 7,63; 7,82; 8,09; e 8,00 mg/dL, para 86,31; 84,86; 83,41; 81,95; 77,59; e 68,86% de concentrado nas rações. O numero de protozoários ruminais reduziu linearmente com o aumento dos níveis de concentrado nas rações. A eficiência de síntese de compostos nitrogenados microbianos aumentou linearmente com os níveis de concentrado nas rações.ABSTRACT - This work was conducted to evaluate the effects of different concentrate levels on the parameters of at ruminal fermentation, the apparent, total, ruminal and intestinal N digestibilities, the microbial efficiency and the N balance. Five rumen and abomasum fistulated bull Holstein calves, with an initial average age of 5.8±0.7 months and initial average of 107.4±11.0 kg LW were allotted to a 5x5

  12. Soroprevalência de lentiviroses de pequenos ruminantes e caracterização dos rebanhos caprinos e ovinos no estado do Maranhão, Brasil.

    OpenAIRE

    Whaubtyfran Cabral Teixeira

    2011-01-01

    Objetivou-se, no presente estudo, determinar a soroprevalência das lentiviroses de pequenos ruminantes (LVPR), caracterizar o manejo zoosanitário e descrever as características da caprinovinocultura nas três principais mesorregiões produtoras de caprinos e ovinos do Estado do Maranhão, Brasil. Foram visitados 30 criatórios de caprinos, 31 de ovinos e 52 mistos, localizados em 23 municípios das mesorregiões Centro, Leste e Norte Maranhense. Aplicou-se um questionário investigativo em cada prop...

  13. PREVALÊNCIA SOROLÓGICA DA MAEDI-VISNA EM REBANHOS OVINOS DA MICRORREGIÃO DE JUAZEIRO - BAHIA POR MEIO DO TESTE DE IMUNODIFUSÃO EM GEL DE ÁGAR

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    PRISCILA MARTINEZ MARTINEZ

    2011-06-01

    Full Text Available The introduction of new breeds, aiming at increasing productivity, caused the change in the health profile of herds. Among the diseases introduced in Brazil lentiviroses of small ruminants (LVPR stand out,represented by caprine arthritis encephalitis (CAE and the maedi-visna (MV. In order to obtain data concerning the presence of maedi visna (MV in sheep herds in the microregion of Juazeiro, Bahia, 91 9 serum samples were evaluated by agar gel immunodiffusion (AGID. Thesamples were collected in eight cities that make up this microregion Juazeiro, Sento Sé, Sobradinho, Pilão Arcado, Campo Alegre Lourdes, Remanso, Casa Nova and Curaçá considering how representative eachmunicipality is within the totalilty of animals. It was observed that 0.34% of the sampled sheep showed positive reaction in the AGID. It was concluded that the MV occurs with low prevalence in the studied microregion, probably due to the predominance of locallyadapted breeds.

  14. Doenças do sistema digestório de caprinos e ovinos no semiárido do Brasil Diseases of the digestive system of sheep and goats in the semiarid region of Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Milena A. Aragão de Lira

    2013-02-01

    Full Text Available As doenças do sistema digestório de caprinos e ovinos na região semi-árida do nordeste do Brasil foram avaliadas através de um estudo retrospectivo de 2.144 atendimentos de pequenos ruminantes no Hospital Veterinário da Universidade Federal de Campina Grande, Patos, Paraíba, no período de janeiro de 2000 a dezembro de 2011. Os registros foram revisados para determinar a ocorrência e as principais características clínicas, epidemiológicas e patológicas dessas enfermidades. De um total de 512 casos (23,9% de distúrbios digestivos, 367 (71,7% ocorreram em caprinos e 145 (28,3% em ovinos. As helmintoses gastrintestinais e a coccidiose foram as doenças mais frequentes, com um total de 330 casos. Os distúrbios da cavidade ruminoreticular (acidose, indigestão simples, timpanismo, e compactação ruminal totalizaram 94 casos. O abomaso foi afetado primária e secundariamente por úlceras. Casos de obstrução e compressão do trato gastrointestinal também foram observados. Malformações como atresia anal e fenda palatina foram registradas em ambas as espécies, sendo esta última associada à ingestão de Mimosa tenuiflora. Entre as doenças infecciosas foram observados cinco casos de ectima contagioso, dois casos de paratuberculose e dois casos de pitiose gastrointestinal. Em sete animais suspeitou-se de enterotoxemia e 31 casos foram diagnosticados como enterite inespecífica. A não utilização de práticas de controle integrado de parasitas e a utilização de alimentos inadequados durante o período de escassez de forragem contribuiu para a ocorrência de um grande número de doenças. A prática de conservação de forragens poderia reduzir substancialmente a ocorrência de distúrbios digestivos na região semiárida.Diseases of the digestive system of goats and sheep in the semiarid region of northeastern Brazil were evaluated by a retrospective study of 2,144 attendances of small ruminants in the Veterinary Hospital of the

  15. Efeito de níveis de melão em substituição ao milho moído sobre o desempenho, o consumo e a digestibilidade dos nutrientes em ovinos Morada Nova Effect of melon in substitution of ground corn on performance, intake, and nutrients digestibility in Morada Nova lambs

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudio Adriano Correia de Lima

    2012-01-01

    Full Text Available Avaliaram-se o desempenho, o consumo e a digestibilidade aparente de componentes nutritivos em 32 ovinos Morada Nova em confinamento, 20 machos não-castrados e 12 fêmeas, recebendo dietas contendo 0, 30, 60 e 100% de melão em substituição ao milho moído. Os animais tinham em média 6 meses de idade, peso médio inicial de 15 kg e foram abatidos aos 25 kg. Utilizou-se delineamento experimental inteiramente casualizado, com quatro tratamentos e oito repetições. O consumo de MS apresentou tendência quadrática para ambos os sexos, variando de 769 a 837 g para os machos e de 722 g a 646 g para as fêmeas. Os consumos de matéria orgânica (MO, proteína bruta (PB, extrato etéreo (EE, fibra em detergente neutro (FDN, nutrientes digestíveis totais (NDT, carboidratos totais (CT e carboidratos não-fibrosos (CNF apresentaram comportamento quadrático, refletindo o mesmo comportamento da ingestão da MS. A digestibilidade aparente da MS apresentou tendência linear decrescente. Os coeficientes de digestibilidade aparente de MO, PB, EE, FDN e CT apresentaram comportamento linear crescente com a adição de melão em substituição ao milho moído. O ganho de peso diário com o aumento do nível de melão na dieta foi maior nos machos. A conversão e eficiência alimentar não foram influenciadas pelo aumento do nível de melão na dieta. Os dias de confinamento variaram de 79 a 90 dias. A substituição na dieta do milho moído por melão possibilitou obter desempenho satisfatório em ovinos Morada Nova em confinamento. O nível de 60% de substituição é o que permite melhor retorno financeiro, entretanto, em níveis superiores a 30%, aumentam os dias de confinamento, elevando a idade ao abate.Performance, intake, and nutrients digestibility of 32 Morada Nova confined lambs were evaluated, using diets with increasing levels (0, 30, 60, 100% of melon (Cucumis melo L. in substitution of corn grain. Animals were about 6 months old, with an

  16. Utilização do etanol na prevenção da calcificação em heteroenxerto valvar pulmonar porcino: estudo experimental em ovinos Use of ethanol in preventing calcification of porcine pulmonary heterograft: experimental study in sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    George Ronald Soncini da Rosa

    2006-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar comparativamente o uso do etanol (E com o glutaraldeído (GDA, como método de inibição da calcificação dos heteroenxertos valvares pulmonares porcinos (HVPP implantados na via de saída do ventrículo direito (VD de ovinos jovens. MÉTODO: Foram utilizados dez ovinos jovens, em dois grupos contendo cinco animais cada. A operação consistiu na implantação do HVPP na via de saída do VD com circulação extracorpórea, divididos em dois grupos; o grupo do GDA (controle e o grupo E (grupo em que os HVPP foram pré-tratados com etanol a 80%. Realizou-se estudo ecocardiográfico para medida do gradiente transvalvar pulmonar, análise macroscópica da parede do HVPP e microscópica quanto à presença de calcificação; e mensuração do cálcio na cúspide valvar após 210 dias. RESULTADOS: Na mensuração do cálcio do HVPP encontrou-se no grupo GDA (7,98 ± 6,82µg cálcio/mg tecido, no grupo E (0,31± 0,33µg cálcio/mg tecido. Em relação ao gradiente transvalvar máximo em 30 dias, não houve diferença significativa entre os grupos, já aos 90, 180 e 210 dias, o grupo GDA apresentou maior gradiente transvalvar do que o grupo do etanol. Na análise macroscópica da parede do HVPP, observou-se calcificação em ambos os grupos, sendo mais intensa no grupo do GDA. Na avaliação microscópica das cúspides do HVPP em relação à presença de calcificação, observou-se que no grupo GDA esteve presente em todos os animais, enquanto no grupo E, esteve ausente em todos. CONCLUSÃO: Conclui-se que etanol a 80% inibe a calcificação das cúspides no período analisado, mas não inibe a calcificação da parede do HVPP.OBJECTIVE: The objective of this work was to comparatively evaluate the use of ethanol (E with glutaraldehyde (GDA to inhibit the calcification of the porcine pulmonary valvar heterografts (PPVH implanted in the right ventricle outflow tract of young sheep. METHODS: Ten young sheep were used, divided into two

  17. Análise qualitativa de compostos voláteis do headspace de carne cozida de ovinos e caprinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jossiê Zamperetti Donadel

    2013-11-01

    Full Text Available Este estudo teve como objetivo caracterizar qualitativamente os compostos voláteis (CV do headspace de diferentes músculos de carne cozida de ovinos e caprinos da região do Alto Camaquã, Rio Grande do Sul - Brasil. Os CV do headspace dos músculos cozidos, L. dorsi e V. lateralis de cinco ovinos machos (idade de 6 meses e cinco cabritos machos castrados (idade de 8-9 meses foram analisados pela técnica de microextração em fase sólida (HS-SPME e cromatógrafo a gás acoplado a espectrômetro de massas (GC/MS. Foram encontrados 73 compostos voláteis, dentre eles aldeídos, cetonas e compostos sulfurados, característicos de carne processada termicamente. A partir da fração volátil, foi possível encontrar marcadores que discriminassem as espécies animais estudadas, caracterizando os caprinos por apresentarem, entre outros compostos, terpenos (β-pineno, α-gurjuneno, α-muuroleno, ausentes em ovinos. Alguns compostos discriminaram V. lateralis e L. dorsi de ovinos, como álcool isopropílico, α-pineno, o-xileno, porém não foi possível obter uma diferenciação entre os músculos de caprinos.

  18. Diagnóstico da deficiência de fósforo em ovinos pela técnica de incorporação de fósforo radioativo nos eritrócitos Phosphorus deficiency diagnosis in sheep using labeled phosphorus uptake by erythrocytes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dalton Araujo Antunes

    2006-02-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo avaliar a técnica de incorporação de 32P pelos eritrócitos de ovinos jovens, mantidos em pastejo de Andropogon gayanus, como método de diagnóstico da deficiência de fósforo. Vinte ovinos, com peso vivo inicial de 13,88±2,51 kg, foram divididos em dois tratamentos de dez animais cada; num dos tratamentos, os animais foram suplementados com 3 g de P por animal por dia e, no outro, os animais não receberam suplementação de P. Foram realizadas cinco pesagens dos animais, coletas de sangue e fezes nos 8º, 29º, 43º, 57º e 71º dias do experimento, para avaliar a incorporação de 32P pelos eritrócitos, determinar as concentrações de Ca, glicose e P no soro e a porcentagem de P nas fezes. Foi encontrada diferença significativa na concentração de Ca no 57º dia. Na concentração de glicose, porcentagem de P nas fezes e peso vivo não foram observadas diferenças significativas entre os tratamentos. A partir da segunda coleta, a concentração de P no soro foi mais elevada e a incorporação de 32P foi menor no grupo de animais suplementados com P. A incorporação de 32P pelos eritrócitos é uma técnica adicional para avaliar o status de P e identificar sua deficiência subclínica em ovinos jovens.This work had the objective of evaluating the method of 32P uptake by the erythrocytes of young sheep, supplemented with phosphorus and kept at pasture of Andropogon gayanus, as a tool for phosphorus deficiency diagnosis. Twenty lambs, initially weighing 13.88±2.51 kg, were divided in two treatments of ten animals each. In one of them, animals were supplemented with 3 g of phosphorus per animal per day and, in the other, animals did not receive supplementation of phosphorus. Weighing, and blood and faeces collection were carried out in the 8th, 29th, 43rd, 57th e 71st days of the experiment, to evaluate the incorporation of 32P by the erythrocytes, to determine calcium, glucose and phosphorus

  19. Desempenho de ovinos terminados em confinamento com resíduo desidratado de vitivinícolas associado a diferentes fontes energéticas Performance of sheep in feedlot termination fed with dried grapes residue diets associated with different energy sources

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daerson Dantas Barroso

    2006-10-01

    Full Text Available Foram avaliados os efeitos de dietas combinando o resíduo de vitivinícolas a diferentes fontes energéticas sobre consumo, ganho de peso diário e conversão alimentar em ovinos terminados em confinamento. Foram utilizados 18 ovinos sem padrão racial definido, não castrados, com idade aproximada de sete meses e peso vivo médio inicial de 23,0kg, distribuídos num delineamento em blocos casualizados, com três tratamentos e seis repetições. O período experimental constou de 63 dias, sendo as dietas compostas de 50% de resíduo de vitivinícolas e 50% de concentrados energéticos: grão de milho moído (Zea mays (T1, raspa de mandioca (Manihot esculenta enriquecida com 1,8% de uréia (T2 e farelo de palma forrageira (Opuntia ficus enriquecido com 1,1% de uréia (T3. Foram avaliados os consumos de matéria seca (MS, proteína bruta (PB e carboidratos totais (CHOT, ganho de peso diário e total e a conversão alimentar. Os consumos de MS, PB e CHOT foram de 1.085, 906 e 1.508g dia-1; 129, 139 e 220g dia-1; 846, 691 e 1.157g dia-1; os ganhos de peso médio diário foram de 117, 71 e 132g; a conversão alimentar de 9,50; 13,28 e 11,30, respectivamente para as combinações de resíduo e grão de milho moído, raspa de mandioca e farelo de palma. As médias diárias de ganho de peso vivo obtidas pelos ovinos ao longo do período de engorda revelaram um bom potencial forrageiro do resíduo de vitivinícolas combinado às diferentes fontes energéticas.The effect of combining diets residues from grapewine industries with different energy sources on consumption, daily weight gain and feed conversion of sheep in feedlot termination were evaluated. Eighteen seven-month old male sheep, non-defined breed, were used, weighted initialy 23.0kg, distributed in randomized blocks with three treatments and six repetitions. The experimental period consisted of 63 days, being the diets composed of 50% of grapewine industry residue and 50% of energy concentrate

  20. Uso de bovinos e de ovinos como agentes de controle da vegetação nativa sob três populações de eucalipto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre Costa Varella

    1999-02-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar cinco sistemas de controle da vegetação nativa e os danos provocados por bovinos e ovinos em três populações de eucalipto. O delineamento experimental foi em parcelas subdivididas, com dois blocos completos. Os tratamentos foram: a três densidades de Eucalyptus saligna Smith. (204, 400 e 816 árvores/ha nas parcelas principais e b cinco sistemas de controle da vegetação nativa (sem controle, herbicida pré-emergente, herbicidas pré e pós-emergentes, pastejo com bovinos e com ovinos nas subparcelas. O pastejo com bovinos ou ovinos foi mais eficiente na redução da vegetação nativa que nos demais tratamentos. Os bovinos danificaram mais as árvores que os ovinos. Existe estreita relação entre a altura das mudas de eucalipto e os danos causados pelos bovinos e ovinos no momento da introdução destes animais no sub-bosque.

  1. Evolução e reversibilidade das lesões neurológicas e cardíacas em ovinos intoxicados experimentalmente por Ateleia glazioviana e Tetrapterys multiglandulosa Evolution and reversibility of neurologic and cardiac lesions in sheep caused by Ateleia glazioviana and Tetrapterys multiglandulosa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Milton B. Almeida

    2008-03-01

    Full Text Available Para determinar a reversibilidade das lesões neurológicas e cardíacas nas intoxicações por Ateleia glazioviana e Tetrapterys multiglandulosa, as duas plantas foram administradas por via oral a 3 grupos de quatro ovinos cada. Nos Grupos 1, 2 e 3, quando os animais apresentaram sinais neurológicos de intoxicação com agravamento substancial do quadro clínico e possibilidade de morte, suspendeu-se a administração da planta. O Grupo 4 com dois ovinos foi utilizado como controle. Os ovinos do Grupo 1, que receberam A. glazioviana fresca colhida no outono na dose de 10g/kg por dia durante 6 dias e foram eutanasiados aos 8, 11, 16 e 21 dias após o início do experimento, apresentaram regressão dos sinais nervosos e progressão das lesões cardíacas. Os ovinos do Grupo 2, que receberam a mesma dose de A. glazioviana fresca, colhida na primavera por 8 dias e foram eutanasiados aos 9, 23, 38 e 68 dias apresentaram regressão dos sinais nervosos e não apresentaram lesões cardíacas, sugerindo que a planta é menos tóxica na primavera do que no outono. Os ovinos do Grupo 3, que receberam T. multiglandulosa seca e moída misturada à ração na dose de 10 g/kg durante 11 dias e foram eutanasiados aos 33, 33, 92 e 92 dias, apresentaram regressão dos sinais nervosos e as lesões cardíacas aos 92 dias foram menos severas que aos 33 dias. Esses resultados demonstraram que as lesões do sistema nervoso central são reversíveis após o fim da ingestão. Pelo contrário as lesões cardíacas são progressivas após o fim da ingestão, ocorrendo regressão somente após um período se os animais não apresentarem sinais clínicos e morte. Os resultados deste e de outros trabalhos, analisados em conjunto, comprovam que as lesões do sistema nervoso ocorrem com doses menores e em menor tempo do que as lesões cardíacas. Isto sugere que, em casos espontâneos, sempre que se observam lesões cardíacas estas são precedidas por sinais nervosos e

  2. Intoxicações por plantas em ruminantes e equídeos na região central de Rondônia Plant poisonings in ruminants and equidae in central region of Rondônia state, Northern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandro Vargas Schons

    2012-07-01

    Full Text Available Foi realizado um levantamento em 12 municípios da região central de Rondônia sobre a presença de plantas tóxicas e ocorrência de surtos de intoxicação em ruminantes e equídeos. O trabalho foi desenvolvido mediante a utilização de um questionário aplicado a médicos veterinários, agrônomos, zootecnistas e produtores rurais, com o objetivo de identificar as principais plantas tóxicas que ocorrem na região. Trinta e quatro entrevistados relataram casos de intoxicação por uma ou mais plantas comprovadamente tóxicas como: Palicourea marcgravii (12 surtos, Palicourea grandiflora e Enterolobium contortisiliquum (sete surtos cada e Palicourea juruana, Brachiaria radicans, Brachiaria brizantha e Manihot esculenta (dois surtos cada. Em ovinos, foram relatados dois surtos de fotossensiblização por Brachiaria decumbens e um surto de mortalidade por Palicourea grandiflora. Dos 34 surtos relatados em bovinos pelos entrevistados, 374 (8,9% animais foram afetados e 311 (7,4% morreram, de um total de 4.192 de ambos os sexos sob risco. De um total de 250 ovinos sob risco, três surtos de intoxicação por plantas foram relatados e afetaram 28 animais, dos quais 20 morreram. Amorimia sp., previamente desconhecida como tóxica, foi identificada como causa de morte súbita em 32% das propriedades. Quinze surtos de cólica em equídeos que pastavam cultivares de Panicum maximum ('Massai', 'Tanzânia' e 'Mombaça' durante o período das chuvas foram, também, observados. Os resultados do presente trabalho demonstram a importância significativa das intoxicações por plantas como causa de perdas econômicas para a pecuária da região central do Estado de Rondônia. Com a realização deste trabalho, o número de plantas tóxicas para ruminantes com a confirmação de ocorrência de surtos com mortalidade na região passou de um para nove, o que confirma que um trabalho sistemático de investigação é necessário para o conhecimento da import

  3. Detecção de anticorpos para Anaplasma sp. em pequenos ruminantes no semi-árido do estado de Pernambuco, Brasil Detection of antibodies against Anaplasma sp. in small ruminants from the semi-arid region against Pernambuco State, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael A. N. Ramos

    2008-06-01

    Full Text Available Neste trabalho é descrita a detecção de anticorpos para Anaplasma sp. em caprinos e ovinos da região do semi-árido do Estado de Pernambuco, Brasil, utilizando-se um ensaio de imunoadsorção enzimática baseado em MSP5 recombinante de Anaplasma marginale. Foram analisados soros de 243 caprinos e 68 ovinos provenientes do município de Ibimirim, e observadas freqüências de anticorpos de 11,93% (29/243 e 16,17% (11/68 para caprinos e ovinos, respectivamente. A importância epidemiológica dos achados foi discutida.This paper reports the detection of antibodies against Anaplasma sp. in goats and sheep from the semi-arid region from Pernambuco State, Brazil, using an enzyme-linked immunosorbent assay with recombinant MSP5 of Anaplasma marginale. Sera from 243 goats and 68 sheep from Ibimirim municipality were analyzed and frequencies of antibodies of 11.93% (29/243 and 16.17% (11/68 were found for goats and sheep, respectively. The epidemiological relevance of the findings was discussed.

  4. Composição centesimal e análise sensorial da carne de ovinos Morada Nova alimentados com dietas contendo melão em substituição ao milho Centesimal composition and sensorial analysis of Morada Nova lambs fed diets containing melon fruit in substitution of corn grain

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberto Germano Costa

    2011-12-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar a influência da adição de melão em substituição ao milho moído em dietas sobre a composição centesimal e análise sensorial da carne de ovinos da raça Morada Nova. Foram utilizados 20 animais da raça Morada Nova, machos não-castrados, com peso vivo médio inicial de 15 kg, distribuídos em delineamento inteiramente ao acaso para avaliação de quatro níveis (0, 30, 60 e 100% de inclusão de melão em substituição ao milho moído, cada um avaliado com cinco repetições. Para determinar a composição centesimal da carne, utilizou-se o músculo semimembranosus. Com o músculo longissimus dorsi, procedeu-se à análise sensorial quantificando, por intermédio de notas, os atributos de sabor, odor, suculência, maciez e aparência global. As análises dos dados não apresentaram diferenças significativas para a composição centesimal (umidade, proteína, lipídio e matéria mineral. Na análise sensorial, a suculência apresentou comportamento quadrático, com ponto de máximo de 5,18, e as demais qualidades organolépticas (odor, sabor, maciez e aparência global não foram influenciadas pela inclusão de melão em substituição ao milho nas dietas. A utilização de melão em substituição ao milho em dietas para ovinos Morada Nova não afeta as principais qualidades organolépticas da carne.The objective of this trial was to evaluate the influence of the addition of melon fruit replacing ground corn in diets on the centesimal composition and sensory analysis of meat from Morada Nova lambs. Twenty Morada Nova males with average weight of 15 kg were distributed in a completely randomized design with four increasing levels (0, 30, 60 and 100% of melon in substitution of ground corn, each one with five replications. To determine the chemical composition of meat, the semimembranosus muscle was used. With the muscle longissimus dorsi sensory analysis, the attributes of taste, odor, juiciness, softness and

  5. Intoxicações por plantas diagnosticadas em ruminantes e equinos e estimativa das perdas econômicas na Paraíba Plant poisonings diagnosed in ruminants and horses and estimation of the economical losses in Paraíba

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tales S. Assis

    2010-01-01

    intoxicação por Crotalaria retusa em bovinos, Brachiaria spp. em ovinos, Prosopis juliflora em bovinos e caprinos, Nerium oleander em bovinos, Opuntia ficus-indica em caprinos e Turbina cordata em equinos e caprinos.ABSTRACT This paper reports plant poisonings in ruminants and horses, diagnosed between 2000 and 2007, in the Veterinary Pathology Laboratory at the Federal University of Campina Grande, in the city of Patos, state of Paraíba. In cattle, 7.4% of the diseases diagnosed were caused by poisonous plants. Outbreaks were caused by Centhraterum brachylepis (1, Brachiaria spp. (1, Crotalaria retusa (2, Ipomoea batatas (1, Marsdenia sp. (1, grass containing nitrites (3 outbreaks, 1 by Echinochloa polystachya and 2 by Pennisetum purpureum, Palicourea aeneofusca (1, Prosopis juliflora (3, Nerium oleander (1, and Mimosa tenuiflora (7. In sheep, 13% of the diseases diagnosed were caused by toxic plants. Four outbreaks were caused by Ipomoea asarifolia, 3 by Brachiaria spp., 2 by Crotalaria retusa, 2 by Tephrosia cinerea, 1 by Panicum dichotomiflorum, 1 by Mascagnia rigida, and 20 by Mimosa tenuiflora. In goats, 6.4% of the diseases were caused by toxic plants. Seven outbreaks were caused by Mimosa tenuiflora, 1 by Ipomoea asarifolia, 1 by Ipomoea carnea, 1 by Ipomoea riedelli, 3 by Prosopis juliflora, 1 by Arrabidaea corallina, 2 by Aspidosperma pyrifolium, and 2 by Turbina cordata. In horses, 14% of the diagnosed diseases were due to plants poisonings including 12 outbreaks caused by Crotalaria retusa and one by Turbina cordata. Annual losses in the state of Paraíba by deaths of livestock are estimated in 3,895 cattle, 8,374 sheep, 6,390 goats, and 366 horses, which represent about US$ 1,380,000. Epidemiologic, clinical and pathologic aspects of poisonings by Crotalaria retusa in cattle, Brachiaria spp. in sheep, Prosopis juliflora in cattle and goats, Nerium oleander in cattle, Opuntia ficus-indica in goats, and Turbina cordata in horses and goats are reported.

  6. Consumo e comportamento ingestivo de caprinos e ovinos alimentados com palma gigante (Opuntia ficus-indica Mill) e palma orelha-de-elefante (Opuntia sp.) - DOI: 10.4025/actascianimsci.v30i2.4684

    OpenAIRE

    Valéria Louro Ribeiro; Mário de Andrade Lira; Adriana Guim; Ângela Maria Vieira Batista; Maria Caroline de Almeida Cavalcanti; Agenor Costa Ribeiro Neto

    2008-01-01

    O presente trabalho teve por objetivo avaliar o consumo e comportamento ingestivo de caprinos e ovinos alimentados com palma Gigante (Opuntia fícus-indica Mill) e palma Orelha-de-elefante (Opuntia sp.). Foram utilizados 20 animais mestiços, sendo dez caprinos e dez ovinos, alojados em galpão coletivo, contidos individualmente por meio de cordas, distribuídos em delineamento inteiramente casualizado, em um arranjo fatorial 2 x 2 (duas espécies animais e duas variedades de palma). As observaçõe...

  7. Desempenho e digestibilidade aparente dos nutrientes em ovinos alimentados com dietas contendo bagaço de cana-de-açúcar tratado com óxido de cálcio Performance and nutrients apparent digestibility in sheep fed diets containing sugar cane bagasse treated with calcium oxide

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rogério Mendes Murta

    2011-06-01

    Full Text Available Foram estudados os efeitos da adição de 0,0; 0,75; 1,5 e 2,25% de óxido de cálcio no bagaço de cana-de-açúcar (com base na matéria natural com o objetivo de avaliar o desempenho, o consumo de nutrientes e a digestibilidade aparente das dietas e dos nutrientes em ovinos mestiços da raça Santa Inês e raças nativas. Vinte e quatro ovinos, mantidos em total confinamento, foram distribuídos em delineamento inteiramente ao acaso, com quatro níveis de óxido de cálcio e seis repetições. Os animais foram mantidos em baias individuais, por 77 dias. Os primeiros 14 dias foram de adaptação e, então, seguiram-se três períodos de 21 dias de coleta de dados. Na determinação da digestibilidade, utilizou-se o método de coleta total de fezes, que foi realizada nos quatro últimos dias do período experimental. As fezes foram coletadas três vezes ao dia, às 7, 13 e 18 h. O uso do óxido de cálcio não influenciou os consumos de matéria seca, proteína bruta, fibra em detergente neutro, fibra em detergente ácido e nutrientes digestíveis totais, mas houve efeito linear sobre ganho de peso, com o aumento nas doses de óxido de cálcio, mas não sobre a conversão alimentar e os coeficientes de digestibilidade aparente da matéria seca, proteína bruta e fibra em detergente ácido. Entretanto, foi observado efeito quadrático para o coeficiente de digestibilidade aparente da fibra em detergente. A utilização do bagaço de cana hidrolisado com óxido de cálcio em níveis a partir de 1,5% da matéria natural promove melhoras no desempenho de ovinos e aumenta a digestibilidade apenas da fibra em detergente neutro.The addition effects of 0.0; 0.75; 1.5 and 2.25% of calcium oxide on sugar-cane bagasse (on natural matter basis were studied to evaluate the performance, nutrients intake and apparent digestibility of the diets and nutrients in crossbred sheep of Santa Inês and native breeds. Twenty-four sheep, maintened in total confinement

  8. Plantas que causam alterações mecânicas ou traumáticas em ruminantes e equinos, com ênfase em Stipa spp. (Gramineae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Beatriz Riet-Correa

    2011-06-01

    Full Text Available Várias plantas podem provocar algum tipo de injúria mecânica. Entre elas as que causam traumatismo da pele ou mucosas, e as que causam alterações do sistema digestório, incluindo obstrução esofágica, sobrecarga ruminal e obstrução intestinal. Neste trabalho são revisadas algumas plantas que causam essas alterações e é descrito um surto de injúria mecânica causada por Stipa spp. (flechilha em ovinos no Uruguai. Os animais, principalmente os cordeiros, apresentavam grande quantidade dos frutos de flechilha incrustadas na lã e alguns desses se introduziam na pele, panículo adiposo e músculo cutâneo do tronco causando dermatite e paniculite multifocal difusa.

  9. Protocols for obtainment and isolation of two mesenchymal stem cell sources in sheep Protocolos para obtenção e isolamento de células tronco mesenquimais de duas fontes em ovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leandro Fadel

    2011-08-01

    Full Text Available PURPOSE: To evaluate different protocols to isolate stem cells from ovine umbilical cord blood and adipose tissue. METHODS: There were used 5 samples of umbilical blood and 5 samples of perirenal adipose tissue from 10 female sheep. All the samples were obtained through surgery, to harvest aseptic samples. There were used 3 protocols for obtainment and culture of umbilical cord blood stem cells and 4 protocols for ovine adipose tissue stem cells. RESULTS: It was possible to observe only one successful protocol for the obtainment of umbilical cord blood stem cells. When analyzing the techniques used to obtain adipose tissue stem cells, only one of the methods was effective as well. Through colony forming unit assay, there were obtained 58 colonies of cells after seven days in culture. Flow citometry tests revealed the cells were positive to CD44 and exhibited negative reaction to CD38, CD45, CD41/61. These cells showed a growth curve with very well defined phases LOG, LAG and PLATEAU. This phases are typically seem in mesenchymal stem cells growth curves. CONCLUSIONS: The isolation and culture of mesenchymal stem cells from ovine umbilical cord blood are complex and request more detailed assays. Stem cells from fat tissue sheep showed mesenchymal characteristics, according to their cell growth curve, ability to origin colonies of fibroblastoid cells and positive reactivity with the antibody CD44 by flow citometry.OBJETIVO: Testar diferentes protocolos para o isolamento de células tronco a partir de sangue de cordão umbilical e tecido adiposo de ovinos. MÉTODOS: Foram utilizadas cinco amostras de sangue de cordão umbilical e cinco amostras de tecido adiposo perirrenal de 10 fêmeas de ovelha. A coleta das amostras foi realizada através de procedimento cirúrgico para coleta do material de forma mais asséptica possível. Foram realizados três protocolos de isolamento e cultivo das células-tronco do cordão umbilical e quatro protocolos para

  10. Substituição do Milho pela Farinha de Mandioca de Varredura em Dietas de Cabras em Lactação: Fermentação Ruminal e Concentrações de Uréia Plasmática e no Leite Replacement of Corn by Cassava By-Product Meal in the Lactating Goat Diets: Effects on Diet Degradability, Ruminal Fermentation and Plasma and Milk Urea Concentrations

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gisele Fernanda Mouro

    2002-07-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da substituição do milho pela farinha de mandioca de varredura, em dietas de cabras Saanen em lactação, sobre a degradabilidade potencial, efetiva e efetiva corrigida das rações, bem como sobre o pH ruminal e as concentrações de amônia ruminal, uréia plasmática e uréia no leite em cabras em lactação. Foram utilizadas quatro cabras há 100 dias em lactação. O delineamento utilizado foi o quadrado latino 4 x4, em que os tratamentos consistiram em níveis de 0, 33, 67 e 100% de substituição do milho pela farinha de mandiocade varredura. A degradabilidade das rações experimentais foi determinada em bovinos pela técnica in situ. Apesar de a degradabilidade potencial das dietas experimentais ter tido pequena variação para MS, PB e amido, a degradabilidade efetiva e a degradabilidade efetiva corrigida da MS, da PB e do amido aumentaram com a substituição do milho pela farinha de varredura de mandioca. Os tratamentos não influenciaram o pH ruminal, bem como as concentrações de NH3-ruminal, uréia plasmática e uréia do leite. Houve correlação positiva (PThe objectives of this work were to evaluate effects of replacing corn by cassava by-product meal, in diets of Saanen lactating goats, on potencial, effective and corrected effective degradability of diets with steers, and on ruminal pH and ruminal ammonia, plasma urea nitrogen (PUN and milk urea nitrogen (MUN concentrations in lactating goats. Two steers and four multiparous goats fitted with ruminal cannula and 100 days in milking were used. The design was a 4 x 4 Latin square and treatments as following: 0, 33, 67 and 100% replacement of corn by cassava by-product meal. Rations degradability was determined using in situ technique. Potential degradability of experimental diets showed small variation for dry matter (DM, crude protein (CP and starch (S but effective and corrected effective degradability increased as corn was

  11. Compactação ruminal e obstrução intestinal em bovinos, associadas ao consumo de Agave sisalana Perrine (Agavaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eduardo M. Nascimento

    Full Text Available Resumo: A compactação dos pré-estômagos é um transtorno digestivo resultante da ingestão de forragem de baixa qualidade, rico em lignina e com baixos níveis de energia e proteína digerível, associada ou não a restrição hídrica. O acúmulo de vegetais ricos em fibras indigeríveis pode levar também a formação de fitobezoares, causando transtornos digestivos e obstruções intestinais. Objetivou-se com este trabalho descrever os aspectos epidemiológicos e as alterações clínico-patológicas de um surto de alterações digestórias em bovinos alimentados com Agave sisalana. O rebanho acometido era formado por 22 animais adultos, criados de forma semiextensiva, que, devido a escassez de forragem, receberam no cocho, quase que exclusivamente, durante dois meses, o caule do A. sisalana cortado manualmente. Seis vacas apresentaram diminuição do apetite, distensão abdominal, redução dos períodos de ruminação e da produção de fezes. Um animal foi encaminhado ao Hospital Veterinário da Universidade Federal de Campina Grande. O diagnóstico presuntivo de compactação ruminal e obstrução intestinal foi dado pela epidemiologia, sinais clínicos e análise de fluido ruminal. Na necropsia observou-se rúmen, retículo e omaso repletos, com conteúdo fibroso e ressecado constituído por fibras de A. sisalana. No abomaso observou-se a presença de conteúdo pastoso e esverdeado a acastanhado. Em todos os pré-estômagos e no abomaso havia fitobezoares, que mediam entre 4 e 12 cm de diâmetro. No duodeno um fitobezoar obstruía parcialmente a luz do órgão, com a porção anterior repleta de conteúdo e a posterior vazia. Conclui-se que a alimentação com caules de A. sisalana por longos períodos causa compactação de pre-estômagos e formação de fitobezoares.

  12. Efeitos da uréia em dietas com duas proporções volumoso: concentrado no metabolismo ruminal e na produção de metano avaliados pela técnica de fermentação ruminal ex-situ (micro-rúmen) em búfalos e bovinos

    OpenAIRE

    Mariane Ceschin Ernandes

    2014-01-01

    No presente trabalho estudou-se o metabolismo ruminal e a fermentação com produção de gases e de metano avaliadas pela técnica de ex-situ (micro-rúmen) em duas espécies de ruminantes domésticos, o bovino e o bubalino, visando contribuir com a importante área da nutrição de ruminantes na geração de dados para realização de uma alimentação mais eficiente e econômica desses animais. Para tanto, o trabalho está apresentado em forma de capítulos com uma Introdução sobre o tema, uma revisão da lite...

  13. Eficiência microbiana e parâmetros ruminais em bovinos alimentados com dietas à base de volumosos tropicais Microbial efficiency and ruminal parameters in cattle fed diets based on tropical forage

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciano da Silva Cabral

    2008-05-01

    Full Text Available Objetivou-se com este trabalho determinar o fluxo de compostos nitrogenados no abomaso, a degradação ruminal dos carboidratos totais e da matéria orgânica, a eficiência microbiana, a concentração de N-NH3 e o pH ruminal em bovinos alimentados com dietas à base de silagem de milho, silagem de capim-elefante ou feno de capim-tifton 85. Foram utilizados seis bovinos fistulados no rúmen e abomaso em um delineamento quadrado latino 3 × 3 duplo. Os fluxos de matéria seca da digesta e da matéria seca microbiana no abomaso foram determinados a partir da utilização de fibra em detergente neutro indigestível e das bases purinas como indicador microbiano, respectivamente. As concentrações de NH3 e o pH ruminal foram determinados antes e 2, 4 e 8 horas após a alimentação. As dietas à base de silagem de milho e de feno de capim-tifton 85 proporcionaram os maiores fluxos de compostos nitrogenados no abomaso. As bactérias isoladas do rúmen apresentaram em média 8,89% de N total e 18,40 para a relação N-RNA:N-total. A dieta à base de silagem de milho promoveu maior degradação ruminal da matéria orgânica (2,96 kg/dia e dos carboidratos totais (3,07 kg/dia e maior fluxo de massa microbiana para o abomaso (788,28 g/dia. As dietas à base de feno de capim-tifton 85 e de silagem de capim-elefante resultaram em maior eficiência microbiana, cujos valores foram 28,10 e 30,39 g de N microbiano/kg de carboidratos degradados no rúmen. As menores concentrações de NH3 e pH ruminal, considerando o tempo após a alimentação, ocorreram quando fornecida a dieta à base de silagem de milho, o que possivelmente afetou negativamente a eficiência microbiana.The objectives of the present work were to determine nitrogen compounds flow into the abomasum, total carbohydrate and organic matter ruminal degradation, microbial efficiency, N-NH3 concentration and ruminal pH in cattle fed with diets based on corn silage, elephant grass silage and Tifton

  14. Comportamento ingestivo de ovinos alimentados com farelo da vagem de algaroba associado a níveis de ureia = Intake behavior of sheep fed mesquite pod meal as a function of urea level

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Evanilton Moura Alves

    2010-10-01

    Full Text Available Objetivou-se neste trabalho avaliar os efeitos da inclusão de ureia em dietas contendo farelo da vagem de algaroba sobre o comportamento ingestivo de ovinos. Os tratamentos constituíram da inclusão de níveis de ureia na dieta, sendo: 0; 0,5; 1,0 e 1,5% da MS total. Foram utilizados oito animais, machos castrados, com peso médio de 33,5 kg, distribuídos em dois quadrados latinos 4 x 4. A avaliação do comportamento ingestivo ocorreu no 17º e 18º dia experimental, sendo registrado o tempo despendido em alimentação, ruminação e ócio. Foram realizadas observações por três períodos, das 10 às 12h, 14 às 16h e 18 às 20h, determinando-se o número de mastigações merícicas bolo ruminal-1 e o tempo gasto para ruminação de cada bolo. Os tempos de alimentação (317,19 min. e ruminação (468,59 min., tempo de mastigação total (13,10h dia-1, tempo gasto com mastigações bolo-1 (47,09 s, número de mastigações por bolo (60,65 e por dia (36.209,15 bem como as eficiências de alimentação e ruminação não foram influenciados pelos níveis de inclusão de ureia nas dietas. Ocomportamento ingestivo de ovinos não é afetado pela inclusão de ureia até o nível de 1,5% na MS da dieta contendo farelo da vagem de algaroba.The goal of this work was to evaluate the use of urea in diets containing mesquite pod meal on the intake behavior of sheep. Treatments consisted of the following urea levels in diet: 0, 0.5, 1.0 and 1.5% of total dry matter. Eight gelded males, with mean weight of 33.5 kg, were used in an experimental design with two 4 x 4 Latin squares. Evaluation occurred at the 17th and 18th experiment day, by recording feeding, rumination and resting time. Three periods were used (10 a.m. to 12 p.m., 2 to 4 p.m. and 6 to 8 p.m. to record the number of chewing times per cud and time spent. Feeding (317.19 min. and rumination time (468.59 min., total chewing time (13.10h day-1, time spent for chewing per cud (47.09 s, number

  15. INFLUÊNCIA DO PLEOMORFISMO GENÉTICO HEMOGLOBÍNICO NA PRODUÇÃO E QUALIDADE DE LÃ EM OVINOS DA RAÇA CORRIEDALE: DADOS PRELIMINARES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Carlos Ribeiro Fan

    1994-01-01

    Full Text Available RESUMO As características de lã de doze ovinos genótipo hemoglobínico AA, doze do genótipo AB e doze do genótipo BB foram analisadas preliminarmente por técnicos da Cooperativa de Lã de São Gabriel, RS. Neste estudo inicial constatou-se que a lã de nove animais portadores do genótipo hemoglobínico AA foi classificada como Supra e Especial de excelente qualidade, enquanto sete animais do genótipo AB apresentaram a mesma classificação. Apenas quatro animais do genótipo BB repetiram os mesmos achados. Pela análise do Departamento de Zootecnia da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM constatou-se que o rendimento, caráter, suavidade, qualidade, medulação e cor após a lavagem da lã foi melhor nos animais de genótipos AB e BB. Todos esses achados não tiveram uma diferença estatisticamente significativa, o que leva a concluir que estudos devem ser feitos nesse sentido, abrindo espaços consideráveis para novas pesquisas.

  16. Resposta imune e capacidade de neutralização de anticorpos produzidos em ovinos jovens imunizados com veneno de Crotalus durissus terrificus nativo e irradiado com Cobalto 60

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rui Seabra Ferreira Junior

    2009-06-01

    Full Text Available A técnica de Elisa foi utilizada para avaliar e comparar a resposta imune humoral de ovinos jovens para a produção de soro anticrotálico. Durante o processo de soroprodução, foi realizada a avaliação clínica dos animais. A capacidade de neutralização do soro produzido a partir de veneno de serpente Crotalus durissus terrificus, nativo (VN e irradiado (VIr com Cobalto-60 foi verificada por meio de desafios in vitro. Um grupo de seis animais recebeu veneno nativo, o segundo grupo recebeu veneno irradiado e o terceiro grupo foi o controle. Os animais receberam seis imunizações durante 84 dias com intervalo de 14 dias. Houve diferença significativa (p<5% no teste de ELISA do perfil de anticorpos produzidos pelos grupos experimentais (VN < VIr. O grupo imunizado com veneno irradiado apresentou perfil de anticorpos maior que o grupo imunizado com veneno nativo. A capacidade de neutralização do soro produzido a partir do VIr foi cinco vezes maior quando comparado ao soro produzido com VN. Estes resultados justificam o uso da radiação gama na destoxicação do veneno de Crotalus durissus terrificus como alternativa na produção de antiveneno.

  17. A restauração da integridade esofágica com o uso de "flap" muscular, sem formação de estenose clínica, em ovinos The esophageal integrity reconstitution with muscular flap, without clinical stricture in sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Emerson Antonio Contesini

    1995-01-01

    Full Text Available A pouca seletividade na preensão de alimentos, o manejo, além da própria localização anatômica predispõem os ovinos a uma série de lesões esofágicas que podem interferir na sua alimentação, produtividade e mesmo na sobrevivência dos mesmos. O desenvolvimento desse trabalho visou testar a eficiência do músculo esternomastóideo na vedação de ferida cirúrgica na parede esofágica, na sua capacidade de servir como leito para proliferação da mucosa e observação da cicatrização decorrente de lesões com dimensões de 2x5cm na parede do esôfago. Para esse experimento foram utilizados quinze ovinos, os quais foram divididos em dois grupos. Os animais foram submetidos à cirurgia com remoção de um retalho de 2x5cm da parede esofágica e substituição pelo músculo estemomastóideo em forma de "flap" e fixado ao esôfago com fio poliamida 0-20 em pontos de Wolf. Um grupo foi observado durante um período de noventa dias e outro por cento e cinquenta dias. Ao final do período de observação designado para cada grupo, os animais foram abatidos, necropsiados e colhidos os segmentos esofágicos operados, onde foi observada a regeneração da mucosa sobre o leito de tecido muscular. Foi detectada ainda discreta estenose de origem cicatricial do lume esofágico, não sendo considerada clinicamente significativa. Ao exame histológico observou-se proliferação epitelial sobre a musculatura. Conclui-se dessa forma, que o músculo foi eficiente na vedação da ferida cirúrgica provocada, servindo ainda de leito adequado para a proliferação epitelial. A retração cicatricial não foi considerada significativa em qualquer um dos animais necropsiados ao final do período de observação.The poor selection of food, the management associated to the anatomic localization predispose the sheep to esophageal lesions which intefere in nutrition, productivity and survival. The scope of this experiment was to test the stemomastoid muscle

  18. Análise do comportamento hemodinâmico de conduto valvado de pericárdio bovino, implantado em posição aórtica de ovinos Analysis of hemodynamic performance of the bovine pericardium valved conduit, implanted in the aortic position in ovines

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Josalmir José Melo do Amaral

    2010-12-01

    Full Text Available OBJETIVOS: A necessidade de substituição da valva, aorta ascendente e reimplante coronariano em pacientes onde a anticoagulação é indesejável, é crescente. Avaliamos em animais o comportamento hemodinâmico de um conduto valvado aórtico feito com pericárdio bovino tratado pelo glutaraldeído (CVAP. MÉTODOS: Para isto, implantamos CVAPs em oito ovinos e os explantamos após 150 dias de pós-operatório. Realizouse estudo angiográfico e hemodinâmico no pré-operatório e antes do explante. EcoDopplercardiogramas foram realizados nos dias 30 e 150 de pós-operatório (teste e também em cinco ovinos não operados. Após explantados, submetemos os CVAPs à avaliação macroscópica, radiológica e histológica por microscopia óptica. RESULTADOS: Na análise hemodinâmica, as pressões arterial e capilar pulmonar aumentaram (POBJECTIVE: The necessity for replacement of the valve, ascending aorta and aortic with coronary reimplantation in patients where anti-coagulation is undesirable, is increasing. We evaluated the hemodynamic performance of an aortic valved conduit made with glutaraldehyde treated bovine pericardium (AVCP in animals. METHODS: Therefore, AVCPs were implanted in eight young ovine and explanted after 150 days. Angiographic and hemodynamic study was performed at pre-operative and prior the explant. EchoDopplercardiograms were performed at day 30 and 150 of post-operative (test and also in five nonoperated ovines. After explanted, AVCPs were submitted to a macroscopical, radiological and histological evaluation by optic microscopy. RESULTS: In the hemodynamic analysis the arterial and pulmonary capillary pressure increased (P<0.05 between day 0 and 150. In the echoDoppercardiographic analysis, the test group presented higher values in the diastolic and systolic diameters of the left ventricle (P<0.05. In the test group, between day 30 and 150, occurred an increase of weight, thickness of the left ventricle walls, maximum

  19. Changes in ruminal fermentation and mineral serum level in animals kept in high temperature environments Mudança na fermentação ruminal do alimento e na concentração sérica de minerais em animais mantidos em ambientes de alta temperatura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia Saladini Vieira Salles

    2010-04-01

    Full Text Available In order to evaluate the effect of environmental temperature on ruminal fermentation and on mineral levels of growing ruminants, it was used 12 male calves (initial average weight 82.9 ± 7.7 kg, 100 days of age, were employed in a randomized block design (by weight experiment, with repeated weight measurement and two environmental temperatures: thermoneutral (24ºC and heat-stressed (33ºC, during 38 days. The animals exposed to 33ºC presented lower dry matter ingestion, lower T3 (triiodothyronine serum level, higher ammoniacal nitrogen (NH3-N level in the rumen liquid, and higher rectal and body temperatures during all the experimental period when compared to the animals kept in thermoneutral environment (24ºC. The animals kept under heat stress environment (33ºC presented higher calcium serum level, which was the highest on 31st day and the lowest on the 38th day of the experiment; phosphorus level was the lowest during all the experimental period; sodium level was lower on the 17th, 31st and 38th experimental days. Potassium and zinc levels were lower after 24 days; copper level was lower until the 24th day; magnesium level was higher until the 17th day, if compared to the ones from the animals kept in thermoneutral environment (24ºC. The heat-stressed animals presented higher levels of ammoniacal nitrogen in the ruminal liquid and a decrease in the phosphorus, sodium, potassium and zinc serum levels. These results show the necessity of changes on feed management to ruminants in temperatures over the thermal comfort limits so that performance loss is decreased.Para verificar o efeito da temperatura ambiente na fermentação ruminal do alimento e nas concentrações de minerais em bovinos em crescimento, foram utilizados 12 bezerros machos (peso médio inicial de 82,9 ± 7,7 kg com 100 dias de idade, durante 38 dias, em delineamento experimental de blocos ao acaso, com medidas repetidas no tempo e duas temperaturas ambiente: ambiente

  20. Determinação de valores de referência séricos para os eletrólitos magnésio, cloretos, cálcio e fósforo em ovinos das raças Dorper e Santa Inês

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bianca C. Souza

    2016-03-01

    Full Text Available Resumo: A ovinocultura no Brasil é uma atividade em grande expansão e, com o aumento da demanda mundial por carne ovina, aumentou-se o interesse no monitoramento da sanidade do rebanho, utilizando diversas ferramentas como auxiliares no diagnóstico clínico, tais como os intervalos de referência séricos. Os elementos minerais constituem 2 a 5,5% do corpo dos vertebrados, exercendo diversas funções no organismo. O objetivo deste trabalho foi obter intervalos de referência para os eletrólitos magnésio, fósforo, cloreto e cálcio para ovinos das raças Dorper e Santa Inês. Foram coletados soros de 487 animais clinicamente sadios, sendo 146 da raça Dorper e 341 da raça Santa Inês. Os eletrólitos foram mensurados utilizando-se kits comerciais. Os dados foram analisados quanto à raça, sexo e idade, e os intervalos de referência determinados. Os resultados revelaram diferenças significativas nos intervalos de referência obtidos para os eletrólitos cálcio e magnésio na variável raça, e para o eletrólito fósforo na variável faixa etária e, quando confrontados com valores de referência já publicados, comprovou-se a existência de diferença estatística significativa entre os mesmos em todos os analitos estudados.

  1. Eco-epidemiologia de Haemonchus contortus bahienses, ecotipo presente en ovinos de zonas aridas de Venezuela Eco-epidemiologia de Haemonchus contortus bahiensis, ecotipo presente em ovinos de zonas áridas da Venezuela Ecoepidemiology of Haemonchus contortus bahiensis: ecotype present in sheep of Venezuelan arid zone

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo Morales

    1987-09-01

    Full Text Available Haemonchus contortus bahiensis Grisi, 1974 parasita a los ovinos de zonas áridas de Venezuela. En las hembras de dicho ecotipo la distribución de frecuencias por nosotros observada fue de un 15,32% para el morfotipo con lengüeta supravulvar, de un 51,61% para el botonado y de un 33,07% para el liso. Correspondiéndole a dicho ecotipo un índice de diversidad de Shannon-Weaver de 1,44 bits. Las medidas corporales, el tamaño de los huevos y el symlophe son similares en los tres morfotipos. La disposición espacial tanto de los machos como de las hembras en el seno de la población de hospedadores es de tipo contagiosa siendo bien descrita por el parámetro K de la distibución binominal negativa. Se evidenció la existencia de una compleja interacción entre la abundancia, la agregación y la prevalencia de dicho ecotipo y se discute su importancia sobre el equilibrio hospedador-parásito.Nas fêmesas do dito ecotipo a distribuição de freqüência observada foi de 15,32% para o morfotipo com lingueta supra-vulvar, de 51,61% para o tipo com botão vulvare de 33,07% para o tipo liso. A esse ecotipo corresponde um índice de diversidade de Shannon-Weaver igual a 1,44 bits. As medidas corporais, o tamanho dos ovos e o número de estrias cuticulares longitudinais são semelhantes nos três morfotipos. A disposição espacial, tanto dos machos quanto das fêmeas na população de hospedeiros é do tipo contagiosa, sendo bem descrita pelo parâmetro K da distribuição binomial negativa. Se verificou a existência de uma complexa interação entre a abundância, a agregação e a prevalência do citado ecotipo, discutindo-se sua importância no equilíbrio hospedeiro-parasito.The frequency distribution of female Haemonchus contortus bahiensis Grisi, 1974 in sheep from Venezuelan arid zones is 15.32% for the type with vulvar flap, 51.6% for the vulvar-knob and 33.07% for smooth type. A Shannon-Weaver diversity index corresponding to 1.44 bits was

  2. Ganho de peso vivo e fermentação ruminal em novilhos mantidos em pastagem cultivada de clima temperado e recebendo diferentes suplementos Live weight gain and ruminal fermentation by steers grazing cool-season grass pasture and given different supplements

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Magali Floriano da Silveira

    2006-06-01

    Full Text Available Foram conduzidos dois experimentos para avaliar o ganho de peso vivo (Experimento 1 e parâmetros da fermentação ruminal (Experimento 2 em quarenta novilhos cruzados Charolês e Nelore, mantidos em pastagem cultivada de inverno, por quatro horas diárias e não suplementados, ou por somente duas horas, mas suplementados (1% do peso vivo com silagem de planta inteira, silagem de grão úmido ou com grão seco de sorgo. Os animais alimentados somente com pastagem obtiveram os maiores ganhos de peso vivo (P0,05 pela suplementação, as de amônia e açúcares foram maiores nos animais mantidos somente com pastagem e nos suplementados com silagem de grão úmido, e menores nos animais suplementados com silagem de planta inteira ou com grão seco de sorgo (PTwo experiments to evaluate daily weight gain (Experiment 1 and ruminal fermentation parameters (Experiment 2 were carried out. Nelore and Charolais crossbreed steers grazing on cool-season pasture during four hours daily or during only two hours daily but supplemented (1% of live weight with sorghum whole plant silage, wet grain silage or dry grain were used. Animals fed only with pasture obtained the highest and, those supplemented with whole plant silage, the lowest daily weight gain (P0.05 by supplementation. Ammonia and sugar concentrations were higher by animals fed only with pasture or supplemented with sorghum wet grain silage and lower by those supplemented with whole plant silage or dry grain (P<0.05. Ruminal pH values were lower by animals supplemented with sorghum wet grain silage (P<0.05. Supplements did not improve weight gain of steers grazing cool-season pasture but ruminal fermentation varied through a day and was different among supplements. Results also indicate that, besides supplement type, synchrony between grazing and supplementation schedule may represent a conditioning factor to improve feed efficiency use by animals.

  3. Cinética do fósforo em tecidos de ovinos em crescimento alimentados com diferentes fontes de cálcio Kinetics of phosphorus in tissues of lambs fed different sources of calcium

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R.S. Dias

    2007-02-01

    Full Text Available Foram utilizados 12 cordeiros machos, inteiros, com peso médio de 31,6kg. Os cordeiros foram alimentados com dietas à base de milho e farelo de soja, suplementadas com diferentes fontes de cálcio: calcário calcítico (CC, feno de alfafa (FA, polpa cítrica (PC e farinha de conchas de ostras (FCO. Os animais receberam injeção de 7,4 MBq do radiofósforo (32P e após sete dias foram abatidos para posteriores análises. Utilizou-se o delineamento em blocos ao acaso, com quatro tratamentos e três repetições. A taxa de retenção de 32P, as atividades específicas relativas e padronizadas, e a quantidade de P inorgânico nos tecidos foram iguais para todos os tratamentos (P>0,05. A comparação entre os tecidos mostrou que a concentração de P inorgânico e a taxa de retenção de 32P (PSixteen growing rams, averaging 31.6kg were studied. They were fed diets based on corn and soya meal, supplemented with different sources of calcium: limestone (CC, alfalfa hay (FA, citrus pulp (PC and oyster shell meal (OSM. The animals received an injection of 7.4 MBq of radioactive P (32P and after 7 days they were slaughtered for further analyses. Experimental measurements were analyzed as a completely randomized design with four treatments and three repetitions. The rate of 32P retention, the relative specific activity, the standardized specific activity and the inorganic P in tissue were similar for all treatments (P>0.05. The comparison between tissues showed that the concentration of inorganic P and rate of 32P retention was greater in bone (P<0.01 than in soft tissue. The 32P retention presented the following decreasing order: kidney, liver, heart, muscle and bone (P<0.01. P resorption in bone was higher than P accreted in bone, leading to a negative balance of P in bone for the majority of animals. The means for P accreted in bone were 1.56, 3.29, 2.74 and 2.06g/animal and the means for P resorption in bone were 2.82, 4.51, 4.09 and 3.05g

  4. Comparison of indirect ELISA based on recombinant protein NcSRS2 and IFAT for detection of Neospora caninum antibodies in sheep Comparação entre ELISA baseado no antígeno recombinante NcSRS2 e RIFI para detecção de anticorpos de Neospora caninum em ovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renato Andreotti

    2009-06-01

    Full Text Available Neospora caninum, an Apicomplexan parasite that can causes abortion, is responsible for considerable economic and reproductive losses in livestock. The purpose of the present study was to determine whether recombinant NcSRS2 is a suitable indirect ELISA antigen for determining specific immune response to N. caninum in sheep. A total of 441 serum samples were subjected to IFAT and rNcSRS2 based-ELISA, with both tests performing similarly. The sensitivity and specificity of indirect ELISA were 98.6 and 98.3%, respectively. The kappa index shows 0.98 concordance between the two tests, which is considered excellent. Seroprevalences of 30.8 and 32.0% were detected by IFAT and indirect ELISA, respectively, showing these tests did not differ significantly on this measure (p > 0.05. Serological analysis showed that HisG tag was detected by Western Blotting recognizing rNcSRS2 protein. The potential value of rNcSRS2-based ELISA as a highly specific and sensitive tool for serological diagnosis is also supported by the strong agreement found between IFAT and ELISA. The results support the potential use of recombinant protein NcSRS2 as an antigen in indirect ELISA in sheep.Neospora caninum é um parasito Apicomplexa que pode causar abortos e é reconhecido como agente importante responsável por perdas econômicas e reprodutivas. Este estudo avaliou a proteína recombinante NcSRS2 como antígeno para ELISA indireto na determinação de resposta imune para N. caninum em ovinos. 441 amostras de soro foram analisadas por IFAT e ELISA indireto com rNcSRS2 e ambos os testes revelaram comportamento similar. A sensibilidade e especificidade de ELISA indireto foram 98,6 e 98,3%, respectivamente. O índice kappa mostrou uma concordância entre os dois testes com valor de 0,98, que é considerado excelente. Prevalências de 30,8 e 32,0% detectadas por IFAT e ELISA indireto, respectivamente, mostraram que os testes não diferiram significativamente nesse aspecto (P

  5. Sorovares de leptospiras predominantes em exames sorológicos de bubalinos, ovinos, caprinos, eqüinos, suínos e cães de diversos estados brasileiros Most frequent serovars of leptospires in serological tests of buffaloes, sheeps, goats, horses, swines and dogs from several brazilian states

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andrea Cecília Mercaldi Favero

    2002-08-01

    Full Text Available Em estudo retrospectivo abrangendo os anos de 1984 a 1997, foram realizados 15.558 exames sorológicos para leptospirose (SAM, com coleção de 24 sorovares, que incluíram: 284 ovinos, 879 bubalinos, 983 cães, 1.941 caprinos, 2.903 eqüinos e 8.568 suínos, distribuídos percentualmente por estado da seguinte forma: ovinos - SP (100%; bubalinos - SP (100%; cães - SP (80,7%, RS (0,10%, SC (0,10% e PI (19,0%; caprinos - SP (33,1%, PB (63,7% e CE (3,2%; eqüinos - SP (79,3%, RS (9,98%, SC (0,62%, PR (2,5%, RJ (0,17%, MG (1,96%, MT (3,99%, PB (1,3% e PI (0,03%; suínos - SP (61,91%, RS (0,3%, SC (5,95%, PR (3,67%, RJ (0,88%, MG (24,38%, GO (1,12%, SE (0,2%, PE (0,90%, CE (0,34% e MA (0,1%. A distribuição temporal dos animais examinados incluiu: para a espécie ovina - 54,5% referentes aos anos 1996 e 97, 33,3% referentes a 89 e 90 e 12,2% aos outros anos; espécie bubalina - 21,7% no intervalo de 1984 a 95 e 78,83% entre 96 e 97; espécie canina - 16,91% entre 1984 e 92 e 83,09% entre 1993 e 97; caprinos - 6,97% entre 1984 e 91 e 93,09% entre 1992 e 97, sendo que 49% das amostras foram referentes ao ano de 1992; eqüinos - 18,1% no intervalo de 84 a 90 e 81,9% de1991 a 97; suínos - 61,16% referentes aos anos 90, 91, 95 e 96. As médias de animais reatores e variantes mais freqüentes por espécie foram: ovinos - 0,70% de soropositividade e reações mais freqüentes para a variante icterohaemorrhagiae; bubalinos - 43,7% de positivos e variantes hardjo seguida de pomona; cães - soropositividade de 17,7% e reações para as variantes copenhageni e icterohaemorrhagiae no estado de SP e pyrogenes no PI; caprinos - 4,17% de positividade e variantes icterohaemorrhagiae e grippotyphosa no CE, icterohaemorrhagiae na PB e pyrogenes em SP; eqüinos - 29% de soros positivos e variantes icterohaemorrhagiae no PR, SC, SP, RJ e MG, grippotyphosa no MT, pyrogenes na PB e patoc no RS; suínos - soropositividade de 24,46% e grippotyphosa seguida de

  6. Resíduo desidratado de vitivinícolas associado a diferentes fontes energéticas na alimentação de ovinos: consumo e digestibilidade aparente

    OpenAIRE

    Barroso,Daerson Dantas; Araújo,Gherman Garcia Leal de; Silva,Divan Soares da; Medina,Fernando Thomaz

    2006-01-01

    O consumo e a digestibilidade aparente dos nutrientes foram determinados em ovinos confinados, objetivando avaliar a combinação do resíduo desidratado de vitivinícolas a diferentes fontes energéticas. Foram utilizados dezoito ovinos não castrados, com idade aproximada de sete meses e 21 kg de peso vivo, distribuídos num delineamento em blocos casualizados com três tratamentos e seis repetições. As dietas foram compostas de 50% de resíduo de vitivinícolas e 50% de concentrados energéticos: grã...

  7. Efeito da suplementação de lipídios sobre a digestibilidade e os parâmetros da fermentação ruminal em cabras leiteiras Effect of lipid supplementation on digestibility and ruminal metabolism in dairy goats

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia Maria Cândido da Silva

    2007-02-01

    Full Text Available Avaliou-se o efeito da inclusão de óleo de soja (OS, sais de cálcio de ácidos graxos de cadeia longa (SC e grão de soja (GS na dieta sobre o consumo, as digestibilidades total e ruminal dos nutrientes, os parâmetros ruminais e a produção e eficiência de produção de proteína microbiana em cabras. Foram utilizadas oito cabras não-gestantes e não-lactantes, fistuladas no rúmen, distribuídas em delineamento experimental em quadrado latino 4 x 4, com duas repetições. Os tratamentos consistiram de quatro dietas, sendo uma controle (C, isenta de lipídio suplementar, e as demais, adicionadas de um dos suplementos testados, contribuindo com 4,5% de EE suplementar (6,5% na dieta total. A suplementação lipídica não alterou o consumo de MS. Os coeficientes das digestibilidades total e ruminal do EE nas dietas com suplementos lipídicos foram superiores aos da dieta controle. Maior tempo de retenção de partículas sólidas foi obtido com o uso de grão de soja como suplemento. Os tratamentos não influenciaram o pH, a síntese e a eficiência de proteína microbiana, mas reduziram a concentração de amônia no rúmen. A suplementação com lipídios no nível de 4,5% pode ser utilizada de modo eficiente em dietas para caprinos.Eight non-pregnant, non-lactating dairy goats fitted with ruminal cannulas were assigned to two replicated 4 x 4 Latin squares to evaluate the effects of lipid supplementation on intake, total tract and ruminal digestibility of nutrients, ruminal metabolism, and microbial protein synthesis. Animals were fed a control diet (no fat supplementation; 2.0% ether extract or a diet supplemented (4.5% of added ether extract with soybean oil (SO, calcium salts of long-chain fatty acids (CS or whole soybean grain (WS. No significant differences were observed for dry matter intake among diets. Apparent total tract and ruminal digestibilities of ether extract were greater on diets containing fat supplements than on the

  8. Análise econômica de confinamento de ovinos: o uso da uréia em substituição à cama de frango e a dietas a base de milho e soja Economic analysis of feed for sheep: urea utilization to substitute broiler litter and diets based on corn and soybeans

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria de Fatima Vidal

    2004-04-01

    Full Text Available Com esta pesquisa, objetivou-se estudar a viabilidade técnico-econômica da utilização da uréia comparando-se a ração-padrão e aquela contendo cama de frango, como suplemento ao feno de capim-elefante, para alimentação de ovinos da raça Santa Inês em confinamento. Para isso, ajustou-se uma função de produção a dados experimentais e determinou-se a máxima receita líquida (RL, o tempo ótimo de abate e o máximo período em que os animais podem ser confinados quando a RL será zero. Foram utilizados 40 ovinos, sendo 20 machos e 20 fêmeas confinados por 70 dias. O delineamento foi em blocos ao acaso, com cinco tratamentos e quatro repetições. Os tratamentos utilizados foram: I = 50% de feno + 50% de ração-padrão; II = 60% de feno + 40% de ração com cama de frango; III = 40% feno + 60% de ração com cama de frango; IV = 60% de feno + 40% de ração com uréia; e V = 40% de feno + 60% de ração com uréia. As dietas foram isoprotéicas e fornecidas ad libitum. A variável dependente usada nos ajustamentos foi o ganho de peso em confinamento (Y, e como variáveis explanatórias, período de tempo de 14 dias (T e dummy, sexo dos animais (D. O modelo que melhor se ajustou às evidências obtidas na pesquisa foi o quadrático. A cama de frango nos níveis testados e a uréia no menor nível não devem ser usadas para o confinamento de ovinos da raça Santa Inês. O uso de 60% de ração com uréia diminui os custos da alimentação e proporciona maior ganho de peso, podendo substituir com vantagem econômica a cama de frango. A idade ótima de abate é de 65 dias.The objective of the present paper is to estimate the economic feasibility of using urea in two food supplements: standard ration and chicken litter. This food supplement is combined with grazing elephant grass to feed sheep of the Santa Inês breed. In this sense, we adjusted a production function using experimental data, to determine the maximum net income, the time

  9. RESISTÊNCIA ANTI-HELMÍNTICA EM REBANHOS OVINOS DA REGIÃO DA ASSOCIAÇÃO DOS MUNICÍPIOS DO ALTO IRANI (AMAI, OESTE DE SANTA CATARINA ANTHELMINTIC RESISTANCE ON SHEEP FLOCKS FROM ASSOCIATION OF THE MUNICIPALITIES OF THE ALTO IRANI REGION (AMAI, WEST OF SANTA CATARINA STATE, BRAZIL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ingrid Kelly Zanchet

    2007-09-01

    Full Text Available

    Para conhecer a situação da resistência anti-hel-míntica em ovinos de propriedades localizadas nos mu-nicípios da Associação dos Municípios do Alto Irani (AMAI, oeste de Santa Catarina, Brasil, foram avalia-dos nove rebanhos pelo teste de redução da OPG (ovos por grama de fezes. Este teste consiste na comparação da média da OPG de um grupo de animais quatorze dias após o tratamento com a média de um grupo controle não-medicado. Consideraram-se efetivas as drogas capazes de reduzir a OPG em 95%. Os princípios ativos utilizados foram: levamisol (7,5 mg/kg, closantel (7,5 mg/Kg, al-bendazol (10 e 5 mg/Kg, ivermectin e moxidectin (0,2 mg/Kg. Detectou-se resistência dos nematódeos gastrin-testinais a todos os grupos anti-helmínticos testados, sen-do que 100% das propriedades apresentam resistência ao ivermectin; 66,7% ao moxidectin, 44,4% ao levamisol e 75% aos benzimidazóis. Para as lactonas macrocíclicas e benzimidazóis, tanto o gênero Haemonchus sp. quanto Trichostrongylus sp. apresentaram resistência. Para o le-vamisol, a resistência está restrita a Trichostrongylus sp. Também foi detectada a presença de uma população de Haemonchus sp. resistente ao closantel e uma de Nema-todirus sp. resistente ao albendazol. Estes dados mostram a urgência de difundir medidas de controle integrado de parasitoses, visando prolongar a vida  útil dos princípios ativos ainda disponíveis para uso.

    PALAVRAS-CHAVES: Ovinos, resistência anti-helmíntica, Santa Catarina.

    In order to know the situation of the anthelmintic resistance in sheep farms in the municipalities of Asso-ciation of the municipalities of the High Irani Region - AMAI, West of Santa Catarina State, Brazil, nine flocks were submitted to the faecal egg counts reduction test (FECRT. This test consists in comparing the mean FEC of a group of sheep, 14 days after treatment with the mean FEC of a non-treated control group. Only drugs that could

  10. Soroprevalência de aglutininas anti-Leptospira spp. em ovinos nas Mesorregiões Sudeste e Sudoeste do Estado Rio Grande do Sul, Brasil Seroprevalence of agglutinins anti-Leptospira spp. in sheep from the Southeast and Southwest Mesoregions of the State of Rio Grande do Sul, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Geder Paulo Herrmann

    2004-04-01

    Full Text Available A presença de aglutininas anti-Leptospira spp. em 1360 amostras soros de ovinos, clinicamente sadios com mais de um ano de idade, criados extensivamente em 136 fazendas de 18 municípios; 10 na Mesorregião Sudeste e 8 na Mesorregião Sudoeste do Estado do Rio Grande do Sul, entre os meses de janeiro a março de 1999. Foi determinado pela Técnica de Aglutinação Microscópica (MAT, das 1360 amostras de soros testados, 466 (34,26% animais foram reagentes e os títulos de aglutininas anti-Leptospira spp. variavam de 100 a 3200. As sorovariedades encontradas foram: hardjo (Norma, 210 (28,4%, sentot, 152 (16,8%; hardjoprajitno, 133 (14,5%; fortbragg 73 (6,3%, wolffi, 39 (4,7%; pyrogenes, 25 (1,8%; australis, 21 (1,6%; pomona, 20 (1,6%; sejroe, 19 (2,2%; castellonis, 18(1,8%; hebdomadis, 17 (1,3%; icterohaemorrhagiae, 16 (0,5%; grippotyphosa, 9 (0,7%; canicola, 8 (0,6%; tarassovi, 7 (0,6%, bratislava, 4 (0,29%, autumnalis, 3 (0,2%. Os resultados mostraram que as Leptospira spp. estão disseminadas na maioria das fazendas que criam ovinos nas Mesorregiões Sudeste e Sudoeste do Rio Grande do Sul.The presence of anti-Leptospira agglutinins in 1.360 samples of ovine sera was determined. Clinically healthy sheep with more than one year of age, raised in pasture in 136 farms of 18 counties, 10 located in the southeast Mesorregions and 8 in the southwest Mesorregions of the state of Rio Grande do Sul, Brazil, between the months of January and March of 1999. Were used sera tested by the Microscopic Agglutination Technique (MAT, from the 1.360 samples of serum tested, 466 (34.26% were positive and the titers of anti-Leptospira spp. agglutinins varied from 100 to 3.200. The serovars founded were: hardjo (Norma, 210 (28.4%, sentot, 152 (16.8%; hardjoprajitno, 133 (14.5%; fortbragg, 73 (6.3%; wolffi, 39 (4.7%; pyrogenes, 25 (1.8%; australis, 21 (1.6%; pomona, 20 (1.6%; sejroe, 19 (2.2%; castellonis, 18 (1.8%; hebdomadis, 17 (1.3%; icterohaemorrhagiae, 16 (0

  11. Inoculação microbiana da alfafa para silagem sobre a digestibilidade total e ruminal em bovinos Microbial inoculation of alfalfa for silage on ruminal and total digestibility in bovines

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvio Manginelli

    2005-06-01

    Full Text Available Doze vacas (640 kg de PV não-gestantes e não-lactantes foram distribuídas em um delineamento em blocos, em que os tratamentos corresponderam à silagem pré-secada de alfafa (60,0% de MS e 19,5% de PB controle ou inoculada com o produto Silobac® (Lactobacillus plantarum e Pediococcus pentosaceus, com o objetivo de avaliar os efeitos da inoculação microbiana da silagem de alfafa sobre a digestibilidade total e ruminal em bovinos. A dieta experimental continha 50% de silagem de alfafa e 50% de concentrados, com base na matéria seca. O experimento teve duração total de 21 dias, sendo os dez últimos destinados à administração do marcador óxido crômio e os cinco últimos destinados à coleta de fezes e incubação dos sacos de náilon. A inoculação da silagem de alfafa não alterou a digestibilidade total da MS (inoculada = 70,0% vs. controle = 71,2%, PB (72,3% vs. 73,0%, EE (77,0% vs. 76,8%, FDN (61,2% vs. 55,9%, FDA (66,8% vs. 61,8%, EB (72,5% vs. 73,7% ou NDT (70,6% vs. 71,8% da dieta. Também não alterou o consumo de MS digestível (12,2 vs. 11,4 kg/animal/dia ou 1,7% vs. 1,8% do PV ou o consumo de NDT (12,4 vs. 11,4 kg/animal/dia ou 1,8% vs. 1,8% do PV. Entretanto, a inoculação diminuiu a degradabilidade efetiva da MS da silagem de alfafa para taxas de passagem de 2%/h (61,2% vs. 65,1%, 5%/h (54,1% vs. 58,6% e 8%/h (50,0% vs. 54,4%, bem como reduziu a degradabilidade efetiva da PB da Alfafa para taxas de passagem de 2%/h (84,8% vs. 86,8% e 5%/h (79,9% vs. 82,5%.Twelve non pregnant dry cows (640 kg LW were assigned to a randomized block design, provided that the treatments were alfalfa haylage (60.0% DM and 19.5% CP control or inoculated with Silobac® product (Lactobacillus plantarum and Pediococcus pentosaceus, with the objective to evaluate the effects of microbial inoculation of alfalfa silage on ruminal and total digestibility in bovines. Experimental diet was composing by 50% of alfalfa silage and 50% of concentrate as

  12. Utilização do método Famacha no diagnóstico clínico individual de haemoncose em ovinos no Sudoeste do Estado de Minas Gerais Utilization of the Famacha method in individual clinic diagnostic of haemonchosis in sheep of south-west of Minas Gerais State

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diana Cuglovici Abrão

    2010-03-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi observar a eficácia do método Famacha no diagnóstico clínico individual de haemoncose em ovinos provenientes do Sudoeste de Minas Gerais. Cinquenta ovelhas mestiças Santa Inês foram avaliadas durante 5 meses quanto à coloração da mucosa conjuntiva (método Famacha, volume globular (VG, ovos por grama de fezes (OPG, escore corporal e alterações clínicas. O escore Famacha observado variou de 1 a 3; o escore corporal de 2 a 5; o VG de 20 a 47%; e o OPG de 0 a 7.750. As correlações entre os parâmetros avaliados, exceto Famacha com escore corporal, foram altamente significativas (P The aim of this study was to evaluate the efficacy of Famacha method in individual clinical diagnosis of haemonchosis in sheep from the south-west of Minas Gerais. Fifty crossbred Santa Inês ewes were evaluated during 5 months as for conjunctival mucous colour (Famacha method, Packed Cell Volume (PCV, Faecal Egg Counts (FEC, body score and clinic alterations. The score Famacha observed was from 1 to 3, the body score from 2 to 5, the PCV from 20 to 47%, and FEC from 0 to 7,750. The correlations between the parameters evaluated, except Famacha with body score, were highly significant (P < 0.0001. The main genus identified in the coprocultures was Haemonchus (87 - 100% of total larvae, ± 93.5%. We observed reduction of 87.33% in the use of anthelmintics on the property. It was concluded that the Famacha method, associated with other diagnostic methods, is a useful tool to detect hemonchosis in sheep.

  13. Urolitiasis obstructiva en ovinos: estudio de caso

    OpenAIRE

    2010-01-01

    Un ovino macho de 5 meses de edad fue presentado para su estudio patológico. La historia clínica del animal incluía: postración, dificultad para incorporarse, distensión abdominal severa, pérdida de apetito, estranguria, poliaquiuria y hematuria. A la necropsia se observó la presencia de 8 litros aproximadamente de orina en cavidad abdominal y una membrana fibrino-hemorrágica flotante adherida a la vejiga a nivel de la lesión de ruptura, por una sobre distensión provocada por la presencia obs...

  14. Valor nutritivo do resíduo da indústria processadora de abacaxi (Ananas comosus L. em dietas para ovinos. 1. Consumo, digestibilidade aparente e balanços energético e nitrogenado Nutritive value of pineapple by-product (Ananas comosus L. in diets for sheep. 1. Intake, apparent digestibility, energetic and nitrogenous balance

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.C.P. Rogério

    2007-06-01

    Full Text Available O presente estudo foi conduzido para avaliar a influência da inclusão do resíduo do processamento de abacaxi (Ananas comosus L. nas dietas sobre os consumos (por unidade de tamanho metabólico - UTM e coeficientes de digestibilidade da matéria seca (MS, matéria orgânica (MO, proteína bruta (PB, extrato etéreo (EE, fibra detergente neutro (FDN, fibra detergente ácido (FDA, hemiceluloses (HCEL, celulose (CEL e energia de dietas experimentais isofibrosas e isoprotéicas. Avaliaram-se também os balanços nitrogenados e de energia dos animais. Vinte ovinos machos, inteiros receberam rações com quatro níveis de inclusão do resíduo (0; 11%; 16%; 27% em base de matéria seca, em delineamento inteiramente ao acaso, com cinco repetições por tratamento. Maiores consumos de matéria seca foram evidenciados quando as rações continham 11% do resíduo. Maiores consumos de proteína bruta, fibra detergente neutro, fibra detergente ácido e celulose (g/UTM e energia metabolizável (kcal/UTM foram apresentados por animais alimentados com dietas contendo 11% de resíduo em relação ao das dietas com 27% de inclusão (PThe influence of increasing levels of pineapple by-product (Ananas comosus L. on intake (unit metabolic size - UMS and apparent digestibility (% of dry matter (DM, organic matter (OM, crude protein (CP, ether extract (EE, neutral detergent fiber (NDF, acid detergent fiber (ADF, hemicelluloses (HCEL and cellulose (CEL and energy of isofibrous and isoproteic experimental diets of sheep were evaluated. Energetic and nitrogenous balance were also measured. Twenty rams were randomly allotted to four treatments in a completely randomized design with five replications. The treatments were formulated to contain zero; 11, 16 and 27% of pineapple by-product on DM basis. Higher dry matter intake was observed on 11% pineapple by-product diet. CP, NDF, ADF, CEL intake (g/UMS and metabolizable energy intake (kcal/UMS of 11% pineapple by

  15. UTILIZAÇÃO DA SILAGEM DE RESTOS CULTURAIS DO ABACAXIZEIRO EM SUBSTITUIÇÃO À SILAGEM DE CANA-DE-AÇÚCAR NA ALIMENTAÇÃO DE OVINOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliano José de Resende Fernandes

    2014-12-01

    Full Text Available We evaluated the disappearance rate and the digestibility of pineapple stalk silage (PSS as a replacement to sugarcane silage added 0.5% urea (SCS in sheep feed. We used five non-castrated male Santa Inês lambs, arranged in a 5x5 Latin Square, fed diets containing 13.5% CP and 63% TDN. We evaluated the following treatments: 100% PSS:0% SCS (100P; 75% PSS:25% SCS (75P; 50% PSS:50% SCS (50P; 25% PSS:75% SCS (25P and 0% PSS:100% SCS (0P. There were no differences (P>0,05 among treatments for DM intake (597.27 g/day, DM digestibility (DMD and neutral detergent fiber digestibility (NDFD (P>0.05 with PSS inclusion. There was an increase in the ruminal digesta dry matter disappearance (%/h and a linear decrease in ruminal pH (P<0.05 with PSS addition. Regarding DM disappearance, digestibility and intake, pineapple stalk silage may be used as a replacement to sugarcane silage+0.5% urea (SCS in sheep feed.

  16. Avaliação do comportamento de ovinos Santa Inês em sistema silvipastoril no norte fluminense Evaluation of the behaviour of Santa Inês sheep in a silvopastoral system in the north of Rio de Janeiro state

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rony Antonio Ferreira

    2011-04-01

    Full Text Available Um estudo foi desenvolvido em Quissamã, RJ utilizando-se 20 ovelhas da raça Santa Inês com idade média de dois anos objetivando-se avaliar o comportamento dos animais em dois sistemas de criação. Os animais foram mantidos em piquetes com pastagem de capim-quicuio, sendo dez ovelhas alojadas em piquete sem sombreamento e outras 10 alojadas em piquete, com consórcio de pastagem e o cultivo de coco (Cocus nucifera. Durante o período de 10 dias consecutivos, os animais tiveram seus respectivos comportamentos observados de acordo com o tempo despendido com as atividades de alimentação, ruminação e ócio, aferidos de dez em dez minutos das 9:00 às 17:00 horas, período em que permaneciam a pasto. Os animais expostos ao sol despenderam menor tempo diário pastejando, aumentando atividade de ruminação e ócio, mantendo essas atividades menos constantes quando comparadas aos animais mantidos à sombra. O consórcio da cultura de coco com a pastagem influenciou positivamente o comportamento dos animais.A study was developed in Quissamã, RJ, Brazil, with twenty two-year-old sheep of the Santa Inês with the objective of evaluating the animals' behavior in two raising system. The animals were maintained in two pickets with "capim-quicuio" pasture. The animals were separated in two groups, ten of which without shade and the other ten in a picket with a consortium of pasture and a coconut cultivation (Cocus nucifera. During a period of ten consecutive days, the animals had their behavior evaluated according to the time spent on feeding, rumination and resting time, checked every ten minutes, from 9 a.m. to 5 p.m. The animals exposed to sunlight spent less time grazing, increased rumination time and resting time, and these activities were less stable when compared to the sheep under shade. Coconut cultivation, therefore, had a positive impact on the behavior of the animals.

  17. Comportamento ingestivo de ovinos alimentados com dietas compostas de silagem de capim-elefante amonizada ou não e subprodutos agroindustriais Ingestive behaviour of sheep fed with ammoniated or non-ammoniated elephantgrass silage and agro industrial by-products

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gleidson Giordano Pinto de Carvalho

    2006-08-01

    Full Text Available Foram estudados os efeitos do uso de silagem de capim-elefante amonizada ou não com uréia (5% na base da MS e da substituição do concentrado (milho e farelo de soja por farelo de cacau (FC ou torta de dendê (TD na dieta sobre o comportamento ingestivo de ovinos Santa Inês. Dezoito ovinos machos não-castrados (peso médio inicial de 22,62 kg, alojados em baias individuais, foram distribuídos em delineamento experimental inteiramente casualizado, com seis tratamentos, dois volumosos (silagem de capim-elefante amonizada ou não com uréia e três níveis de substituição do concentrado (milho + farelo de soja por farelo de cacau ou torta de dendê (0% FC e TD, 40% FC e 40% TD na dieta, fornecida na proporção de 60:40 volumoso:concentrado. O período experimental foi de 78 dias, sendo 15 dias destinados à adaptação dos animais às dietas. Os animais foram observados a cada cinco minutos, durante dois períodos de 24 horas/dia, no final do período experimental. Foram registrados o tempo despendido em alimentação, ruminação e ócio e o número e o tempo de mastigações merícicas por bolo ruminado. Não houve diferença entre os tempos de alimentação, ruminação e ócio. A amonização do capim-elefente e a inclusão do farelo de cacau no concentrado aumentaram a eficiência de ruminação, mas a maioria dos parâmetros do comportamento ingestivo avaliados não sofreu alterações.The effects of feeding elephantgrass silage ammoniated or not with urea (5% DM basis and the concentrate replacement (corn and soybean meal by cocoa meal (CM or palm cake (PC on the ingestive behaviour of 18 Santa Inês non-castrated male sheep averaging 22.62 kg of initial body weight were studied. The animals were allotted to individual pensas a completely randomized design with six treatments, two roughages (elephantgrass silage ammoniated with urea or not and three concentrate replacement level with by cocoa meal or palm cake (0% CM and PC, 40% CM

  18. Efeitos dos níveis de fibra e de fontes de proteínas sobre a concentração do nitrogênio amoniacal e pH ruminal em novilhos Effects of fiber levels and protein sources on the ammonia nitrogen concentration and ruminal pH in steers

    OpenAIRE

    Alecssandro Regal Dutra; Augusto César de Queiroz; José Tarcísio Lima Thiébaut; Leôncio Gonçalves Dutra; Roberto de Camargo Wascheck; Paulo César Moreira

    2004-01-01

    O experimento foi conduzido com o objetivo de estudar os efeitos dos níveis de fibra (38,7 e 57,2% de fibra em detergente neutro - FDN), compostos pela associação da silagem de capim-elefante com cana-de-açúcar in natura picada e das fontes de proteína, sendo uma de alta (farelo de soja) e outra de baixa (farelo de glúten de milho associado com farinha de sangue) degradabilidade ruminal, no comportamento da concentração do nitrogênio amoniacal (N-NH3) e do pH no líquido ruminal de novilhos, c...

  19. Valor nutritivo de rações compostas de fontes de amido e de nitrogênio com alta e baixa degradabilidade ruminal

    OpenAIRE

    Zeoula,Lúcia Maria; Prado,Ivanor Nunes do; Cecato, Ulysses; Branco,Antonio Ferriani; Damasceno,Júlio Cesar; Watanabe,Marcio Munemori; Fridrich,Daniele; Biliero,Conrado Luís

    1999-01-01

    O objetivo deste estudo foi avaliar o consumo, o coeficiente de digestibilidade aparente (CDA), o balanço de nitrogênio, o pH e a concentração de nitrogênio amoniacal no líquido ruminal de ovinos. Os animais foram alimentados com rações compostas de concentrados com diferentes degradabilidade ruminal das frações amido e nitrogênio das seguintes fontes: amido (AM) de alta (triticale) e baixa (milho) degradabilidade ruminal combinada com fontes de nitrogênio (N) de alta (farelo de canola + uréi...

  20. Carcass characteristics of sheep fed with castor bean hulls in replacement of tifton 85 hay Características de carcaça de ovinos alimentados com casca de mamona em substituição ao feno de capim Tifton 85

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Stela Antas Urbano

    2013-02-01

    Full Text Available Castor bean hulls (CBH, co-products of castor oil extraction, are high in dry matter (DM and fiber and are emerging as alternative roughage in sheep feed. This could reduce feed costs since other sources of roughage can be more expensive. The effects of replacing Tifton 85 hay with CBH at 0, 33, 66 and 100% in the diet of sheep on the carcass characteristics, weights and yields of retail cuts and carcass measurements were studied. Twenty-eight non-castrated sheep averaging 7 ± 1.4 months of age with an initial weight of 19.5 ± 4.3 kg were slaughtered after 70 days of confinement. There was a linear decline (P ≤ 0.05 in slaughter body weight, empty body weight, hot and cold carcass weight and longissimus muscle area (LMA as the percentage of dietary CBH increased. A linear decrease (P≤0.05 of the weights of all retail cuts and a quadratic effect (minimum yield of 9.84% with the replacement of 56.9% of the neck yield were also detected as the percentage of CBH increased. No treatment effects (P > 0.05 on the yield of the other cuts were observed, but there was a linear decline (P ≤ 0.05 in the perimeters of the thorax, leg and rump and the carcass compactness index. Replacing Tifton 85 hay with CBH in sheep diets is not recommended because it decreases the slaughter body weight, cold and hot carcass weight, retail cut weights and morphometric measurements.A casca da mamona, coproduto da extração do óleo da mamona, por apresentar em sua composição elevados teores de matéria seca e fibra, surge como fonte alternativa de volumoso na alimentação de ovinos, podendo diminuir os custos com alimentação, uma vez que outras fontes são comercializadas a preços superiores. Avaliou-se o efeito da substituição do feno de capim Tifton 85 pela casca de mamona em 0, 33, 66 e 100% na dieta de ovinos sobre as características de carcaça, os pesos e rendimentos dos cortes comerciais e a morfometria da carcaça. Vinte e oito animais n

  1. Resposta imunitária à vacinação conjuntival com a estirpe Rev.1 de Brucella melitensis em ovinos e caprinos Serological response of sheep and goats to conjunctival Brucella melitensis Rev.1 vaccine

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P. Poeta

    2003-04-01

    Full Text Available The live B. melitensis Rev.1 strain is considered the best vaccine available for the prophylaxis of brucellosis in small ruminants, especially when used at the standard dose by the conjunctival route. In the present study a 1´ 10(9 CFU dose for both sheep and goats conjunctivally vaccinated was tested to evaluate the duration of serological responses. Conjunctival vaccination with Rev. 1 performed in adult animals induced a rapid rise in serological titres as measured by Rose Bengal Plate Test (RBPT, Complement Fixation Test (CF and Modified Rose Bengal Plate Test (MRBPT. Titres then decreased and became negative in most animals by four months after vaccination (except MRBPT. The goats responded better to the vaccination than the sheep as one month after vaccination 100% of the goats revealed positive results to RB and RBM and 93.4% to FC test. The RBM was the one that detected more positive animals along the study.

  2. Degradação ruminal e síntese de proteína microbiana em bovinos alimentados com silagem de sorgo contendo tanino suplementado com concentrado ou uréia = Ruminal degradability and microbial protein synthesis in cattle fed sorghum silages with tannin supplemented with concentrate or urea

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Simone Gisele de Oliveira

    2009-01-01

    Full Text Available Determinaram-se a degradabilidade ruminal da matéria seca (MS e a fibra em detergente neutro (FDN e a eficiência de síntese de proteína microbiana em animais que consomem dietas contendo silagem de sorgo com diferentes teores de tanino. A degradação in situfoi avaliada por meio da incubação ruminal de silagens de sorgo contendo nível 1 (N1 e nível 2 (N2 de tanino por 0, 6, 24, 48 e 96h. O delineamento experimental utilizado foi o quadrado latino4 x 4 duplicado. Os valores de degradabilidade potencial (DP da MS foram semelhantes entre as silagens, enquanto a degradabilidade efetiva (DE nas silagens foi reduzida ao adicionar concentradoà dieta. O fluxo de nitrogênio microbiano e a eficiência de síntese de proteína microbiana não foram afetados pela fonte de volumoso. Houve maior eficiência de síntese, expressa em relação à matériaorgânica e energia bruta digeridas no rúmen, nas dietas com silagem N1, quando as dietas foram suplementadas com concentrado. Não foi possível estabelecer relação consistente entre a presença de taninos e os parâmetros de degradação ruminal.This work aimed to determine ruminal parameters of dry mater (DM, neutral detergent fiber (NDF and protein synthesis in the rumen of animals fed diets based on sorghum with different tannin levels. In situ degradation was evaluated by rumen incubation of level 1 (L1 and level 2 (L2 sorghum silages during 0, 6, 24, 48 and 96 hours. A duplicated 4 x 4 Latin Square was used. Potential degradability (PD of DM was similar among silages, whereas the effectivedegradability (ED decreased when the diets were supplemented with concentrate. Microbial nitrogen flux and microbial synthesis efficiency were not affected by roughage source. The synthesis efficiency, expressed in organic matter and crude protein digested inrumen, was higher in L1 tannin diets supplemented with concentrate. There was not relationship between the presence of tannins and the parameters of

  3. Caracterização epidemiológica e fatores de risco associados à infecção por Brucella ovis em ovinos deslanados do semiárido paraibano Epidemiological characterization and risk factors associated with Brucella ovis infection in sheep in the Brazilian semiarid

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabrine A. Santos

    2013-04-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo determinar a prevalência de rebanhos ovinos positivos (focos e de animais soropositivos para Brucella ovis na mesorregião do Sertão, Estado da Paraíba, Nordeste do Brasil, bem como identificar fatores de risco. Foram colhidas amostras de sangue de 1.134 animais procedentes de 103 rebanhos em 17 municípios. Para o diagnóstico sorológico da infecção por B. ovis foi utilizado o teste de imunodifusão em gel de ágar (IDGA. Um rebanho foi considerado positivo quando apresentou pelo menos um animal soropositivo. Das 103 propriedades utilizadas 21 (20,39% apresentaram pelo menos um animal soropositivo e dos 1.134 animais, 59 (5,20% foram soropositivos. Realizar higiene nas instalações com periodicidade anual (odds ratio = 7,13; IC 95% = 1,56-32,47; p=0,011 e aquisição de animais (odds ratio = 6,06; IC 95% = 1,39-26,48; p=0,017 foram identificados como fatores de risco. Com base na análise de fatores de risco, recomenda-se a realização de diagnóstico da infecção por B. ovis previamente à aquisição de animais e realização periódica de higienização das instalações.The aim of this investigation was to determine the seroprevalence of Brucella ovis in sheep flocks and individual sheep in the Sertão mesorregion, Paraíba state, Northeastern Brazil, as well as to identify risk factors. Blood samples were collected from 1,134 sheep from 103 flocks in 17 counties. For the serological diagnosis of B. ovis infection the agar gel immunodiffusion test (AGID was carried out. A flock was considered positive when there was at least one seropositive animal. Of the 103 flocks used, 21 (20.39% presented at least one seropositive sheep, and of the 1,134 sheep examined 59 (5.20% seropositive animals were diagnosed. Cleaning of facilities (odds ratio = 7.13; 95% CI=1.56-32.47; p=0.011 and purchase of animals (odds ratio = 6.06; 95% CI=1.39-26.48; p=0.017 were identified as risk factors. Based on the risk factor

  4. Fluxo portal e visceral líquido de metabólitos em ovinos alimentados com feno de capim-arroz cortado com diferentes idades de rebrota Net portal and visceral flux of metabolites in lambs fed rice-grass hay cut at different regrowth ages

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gilberto Vilmar Kozloski

    2009-06-01

    Full Text Available Foram conduzidos dois ensaios para medir os fluxos portal e visceral total de metabólitos em ovinos (peso vivo (PV médio de 35 ± 3 kg recebendo feno de capim-arroz (Echinochloa sp. cortado aos 32, 46, 72 ou 90 dias de rebrota. Um dos ensaios foi realizado em quadrado latino 4 × 4 (ensaio 1 para avaliação dos quatro fenos e outro em quadrado latino 3 × 3 (ensaio 2, sem o feno do capim cortado aos 32 dias de rebrota. Os animais foram implantados com cateteres permanentes nas veias mesentérica e hepática. Sangue arterial foi acessado através de cateteres temporários na carótida. O fluxo de sangue portal e visceral foi estimado com base na diluição de paraminohipurato infundido continuamente em uma veia mesentérica. Na refeição prévia às amostragens, o consumo de matéria orgânica (MO total e digestível não foi afetado, mas o consumo de nitrogênio total e digestível diminuiu linearmente com o aumento da idade de rebrota do capim-arroz em ambos os ensaios. Os fluxos de sangue portal e visceral, o fluxo visceral líquido de glicose, uréia e aminoácidos e o fluxo portal líquido de glicose e uréia não foram afetados pela idade de rebrota da forrageira. Os fluxos portais de aminoácidos e amônia foram maiores nos animais que consumiram o feno de 46 dias e maior quantidade de nitrogênio digestível. A maior parte dos nutrientes absorvidos pelos ovinos consumindo feno de capim-arroz foi metabolizada pelo sistema visceral, de modo que a disponibilidade de aminoácidos e de glicose aos tecidos periféricos representou somente pequena proporção do nitrogênio ou da matéria orgânica ingerida. Em geral, o metabolismo visceral dos animais não foi afetado pela idade de rebrota da forrageira.In order to measure the net portal and visceral flux of metabolites in lambs (35 ± 2.5 kg live weight fed rice-grass (Echinochloa sp. hay cut at 32, 46, 72 or 96 days of regrowth age, two assays were carried out. One of them was a 4 × 4

  5. Acurácia, precisão e robustez das estimativas da digestibilidade aparente da matéria seca determinada com o uso de indicadores em ovinos Accuracy, precision and robustness of in vivo dry matter digestibility estimates by different markers in ovine

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Henrique Mazza Rodrigues

    2010-05-01

    Full Text Available O objetivo foi avaliar a acurácia, precisão e robustez das estimativas da digestibilidade aparente da matéria seca obtidas utilizando-se como indicadores fibra em detergente ácido indigestível (FDAi, fibra em detergente neutro (FDNi indigestível, lignina em detergente ácido (LDA, LDA indigestível (LDAi e óxido crômico em comparação ao método de coleta total de fezes. Dezoito ovinos (56,5 ± 4,6 kg PV foram designados aleatoriamente a dietas compostas de 25, 50 ou 75% de concentrado e feno de Coast cross por 25 dias. As fezes foram coletadas por cinco dias para determinação da digestibilidade aparente da MS. As amostras de alimentos e fezes foram incubadas no rúmen de três bovinos por 144 horas, para obtenção das frações indigestíveis. Óxido crômico foi administrado a 4,0 g/animal/dia. A acurácia foi avaliada pela comparação do viés médio (DAMS predito - DAMS observado entre os indicadores; a precisão, por meio da raiz quadrada do erro de predição e do erro residual; e a robustez, pelo estudo da regressão entre o viés e o consumo de matéria seca, o nível de concentrado e o peso vivo. A recuperação fecal e a acurácia das estimativas da digestibilidade aparente da MS foram maiores para FDAi, seguida pela FDNi, LDAi, pelo óxido crômico e depois pela lignina em detergente ácido. O viés linear foi significativo apenas para FDAi, FDNi e LDAi. O uso de óxido crômico permitiu estimativas mais precisas da digestibilidade aparente da MS. Todos os indicadores foram robustos quanto à variação no consumo de matéria seca e apenas LDAi e óxido crômico foram robustos quanto aos níveis de concentrado na dieta. O óxido crômico não foi robusto quando houve variação no peso vivo animal. Assim, a FDAi é o indicador mais recomendado na estimativa da digestibilidade aparente da MS em ovinos quando o objetivo é comparar aos dados da literatura, enquanto o óxido crômico é mais recomendado quando o objetivo

  6. Efeitos dos níveis de fibra e de fontes de proteínas sobre a concentração do nitrogênio amoniacal e pH ruminal em novilhos

    OpenAIRE

    Dutra,Alecssandro Regal; Queiroz,Augusto César de; Thiébaut,José Tarcísio Lima; Dutra,Leôncio Gonçalves; Wascheck, Roberto Camargo; Moreira,Paulo César

    2004-01-01

    O experimento foi conduzido com o objetivo de estudar os efeitos dos níveis de fibra (38,7 e 57,2% de fibra em detergente neutro - FDN), compostos pela associação da silagem de capim-elefante com cana-de-açúcar in natura picada e das fontes de proteína, sendo uma de alta (farelo de soja) e outra de baixa (farelo de glúten de milho associado com farinha de sangue) degradabilidade ruminal, no comportamento da concentração do nitrogênio amoniacal (N-NH3) e do pH no líquido ruminal de novilhos, c...

  7. Avaliação dos efeitos de fontes de fósforo na dieta sobre parâmetros do meio ruminal e eficiência de síntese microbiana, digestibilidade dos nutrientes e fósforo plasmático em bovinos Evaluation of different phosphorus sources in the diet on ruminal parameters, microbial synthesis, nutrient apparent digestibility and plasma phosphorus in cattle

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Julio Cezar Barreto

    2009-04-01

    Full Text Available Este trabalho foi conduzido com os objetivos de avaliar o efeito de fontes de fósforo em dietas para bovinos em crescimento sobre o coeficiente de digestibilidade parcial e total dos nutrientes, os parâmetros ruminais, a eficiência de síntese microbiana e os níveis plasmáticos de fósforo. Foram utilizados quatro bovinos castrados, raça Holandesa Preto e Branco (280 kg de peso vivo, com cânula ruminal e duodenal, em delineamento quadrado latino 4 × 4, com quatro fontes de fósforo (fosfato bicálcico - BIC; superfosfato triplo - SPT; fosfato monoamônio - MAP; e fosfato de rocha Araxá - FRA. As fontes de fósforo não afetaram a ingestão, o fluxo fecal, as digestibilidades ruminal, duodenal e total de matéria seca, matéria orgânica, proteína bruta, fibra em detergente neutro e carboidratos não-fibrosos. A absorção de fósforo do fosfato de rocha Araxá foi menor e diferiu da absorção do fosfato bicálcico e do fosfato monoamônio. Os animais que receberam fosfato de rocha Araxá apresentaram maiores ingestão, fluxo fecal, fluxo duodenal, desaparecimento ruminal e desaparecimento fecal de flúor (F. A utilização de fosfato de rocha Araxá resultou em níveis de flúor na dieta superiores aos recomendados para evitar sua toxidez. As fontes de fósforo não alteraram os níveis plasmáticos de fósforo nem a ingestão de nitrogênio, a eficiência de síntese microbiana e a composição das bactérias ruminais. Também não influenciaram o pH ruminal e as concentrações de NH3-ruminal. Estes resultados indicam que é possível o uso do superfosfato triplo e do fosfato monoamônio em substituição ao fosfato bicálcico.This study was carried out to evaluate the effects of different phosphorus sources, in diets of growing cattle, on apparent partial and total nutrient digestibility; ruminal parameters; microbial efficiency synthesis and plasma phosphorus. Four Holstein steers weighting 280 kg and implanted with ruminal and

  8. Efeitos genéticos aditivos e não-aditivos em características de crescimento, reprodutivas e habilidade materna em ovinos das raças Santa Inês, Somalis Brasileira, Dorper e Poll Dorset Additive and non-additive genetic effects on growth, reproductive and maternal traits in sheep of Santa In��s, Brazilian Somali, Dorper and Poll Dorset breeds

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriano Caminha Barbosa Neto

    2010-09-01

    Full Text Available Efeitos genético aditivo, de dominância e de recombinação em cruzamentos entre as raças Santa Inês (SI, Somalis Brasileira (So, Dorper (Do e Poll Dorset (Po foram estimados para as características de crescimento, reprodutivas e de habilidade materna. Os dados foram obtidos da Gaasa e Alimentos LTDA, uma empresa que participa do Programa de Melhoramento Genético de Caprinos e Ovinos (GENECOC da Embrapa Caprinos. Inicialmente, 3.573 registros foram analisados por meio do procedimento MIXED do pacote estatístico SAS (1999. As análises foram realizadas considerando os efeitos da diferença genética aditiva entre as raças, de dominância e de recombinação. O peso ao nascer foi influenciado pelos efeitos genéticos aditivos, enquanto o peso ao desmame e o ganho de peso pré-desmame foram influenciados por efeitos genéticos não-aditivos. A estimativa de herdabilidade direta para o peso ao nascer foi moderada, o que indica a existência de variabilidade genética passível de ser explorada por meio da seleção individual. Do mesmo modo, as estimativas de herdabilidade das características idade ao primeiro parto e peso total das crias ao nascer indicaram a existência de variabilidade genética para obter ganhos genéticos por meio da seleção. Os genes das raças Poll Dorset e Dorper tiveram papel importante para melhor desempenho ponderal, portanto, essas raças podem ser indicadas como paternas no cruzamento terminal. A utilização de matrizes F1 Santa Inês x Somalis Brasileira em cruzamentos com reprodutores Poll Dorset pode levar a maior eficiência reprodutiva.Additive genetic, dominance and recombination effects in breedings among Santa Inês (SI, Brazilian Somali (So, Dorper (Do and Poll Dorset (Po breeds were estimated for growth, reproductive and maternal hability traits. Data were obtained from Gaasa e Alimentos LTDA, a company that participates on the Programa de Melhoramento Genético de Caprinos e Ovinos (GENECOC

  9. Consumo e comportamento ingestivo de caprinos e ovinos alimentados com palma gigante (Opuntia ficus-indica Mill) e palma orelha-de-elefante (Opuntia sp.) = Intake and ingestive behavior of sheep and goats fed with cactus pear (Opuntia ficus-indica Mill) and prickly pear (Opuntia sp.)

    OpenAIRE

    Agenor Costa Ribeiro Neto; Valéria Louro Ribeiro; Adriana Guim; Mário de Andrade Lira; Ângela Maria Vieira Batista; Maria Caroline de Almeida Cavalcanti

    2008-01-01

    O presente trabalho teve por objetivo avaliar o consumo e comportamento ingestivo de caprinos e ovinos alimentados com palma Gigante (Opuntia ficus-indica Mill) e palma Orelhade-elefante (Opuntia sp.). Foram utilizados 20 animais mestiços, sendo dez caprinos e dez ovinos, alojados em galpão coletivo, contidos individualmente por meio de cordas, distribuídos em delineamento inteiramente casualizado, em um arranjo fatorial 2 x 2 (duas espécies animais e duas variedades de palma). As observações...

  10. Avaliação de indicadores em estudos com ruminantes: digestibilidade Evaluation of markers in ruminant trials: digestibility

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo de Andrade Ferreira

    2009-08-01

    Full Text Available Foram conduzidos dois experimentos com o objetivo de avaliar os indicadores internos fibra em detergente neutro indigestível (FDNi e fibra em detergente ácido (FDAi, obtidos por incubação in situ durante seis dias, e os indicadores externos óxido crômico (Cr2O3, dióxido de titânio (TiO2 e lignina isolada, purificada e enriquecida (LIPE® em dois esquemas de coleta total de fezes (3 ou 5 dias para estimativa da digestibilidade em bovinos. O delineamento experimental foi o de blocos ao acaso com parcelas subdivididas. No primeiro experimento, foram utilizadas cinco novilhas mestiças alimentadas com cana-de-açúcar com 1% de ureia/sulfato de amônio e concentrado (1% do peso vivo. Não houve diferenças entre as metodologias de coleta para a digestibilidade da matéria seca. Quando estimada utilizando-se FDAi, a digestibilidade dos nutrientes foi subestimada, mas, quando estimada utilizando-se FDNi e os indicadores externos (óxido crômico, dióxido de titânio e LIPE®, não diferiu significativamente daquela determinada por coleta total de fezes. No segundo experimento, foram utilizadas oito vacas em lactação alimentadas com silagem de milho e 4 kg de concentrado. Não houve diferença na digestibilidade da matéria seca entre os períodos de coleta. A digestibilidade dos nutrientes, quando estimada utilizando-se FDNi, foi superestimada, mas, quando estimada utilizando-se FDAi e os indicadores externos (óxido crômico, dióxido de titânio e LIPE®, não diferiu significativamente daquela determinada por coleta total de fezes. Três dias de coleta são suficientes para estimativa da digestibilidade e os indicadores testados são eficientes na determinação da digestibilidade.Two studies were carried out to evaluate indigestible neutral detergent fiber (iNDF and indigestible acid detergent fiber (iADF as internal markers obtained by 144-h incubation in situ and chromium oxide (Cr2O3, titanium dioxide (TiO2 and isolated, purified and

  11. Princípios de suplementação mineral em ruminantes Principles of mineral supplementation in ruminants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Vargas Peixoto

    2005-09-01

    Full Text Available Muito embora já haja um sólido conhecimento sobre as deficiências minerais e suas conseqüências para a saúde e a produtividade dos bovinos no Brasil, paradoxalmente, essas informações, na maioria das vezes, não vêm sendo empregadas pelos profissionais das ciências agrárias, que persistem em estimular o uso generalizado das misturas minerais ditas completas. A deficiência de diversos minerais incluídos nestes suplementos, como ferro, cromo, enxofre, entre outros, não ocorre sob condições naturais ou só existe em raras situações muito particulares. O presente tópico aborda os equívocos e problemas relacionados com a suplementação mineral tradicionalmente feita e discute os principais aspectos da denominada suplementação mineral seletiva, que é fundamentada no fornecimento exclusivo do(s mineral(is deficiente(s e na(s quantidade(s necessária(s. Essa alternativa pode permitir uma economia expressiva (por vezes, de até 700% em relação à suplementação mineral comercial normalmente utilizada. De acordo com diversas estimativas, a suplementação mineral pode constituir de 20 a 30 % dos custos totais de produção de gado de corte criados em pastagens, daí a importância de diminuir esses gastos. Um ensaio de reversão, no qual um grupo de animais recebe a mistura mineral comercial rotineiramente utilizada na propriedade e outro grupo, o suplemento seletivo, é a melhor opção para discriminar os efeitos (positivos ou negativos entre dois esquemas de suplementação mineral para uma específica fazenda. Por esse ensaio, investigam-se, racionalmente e por um longo período, os efeitos das duas opções de suplementação mineral em teste, com mínimo risco de perdas econômicas.Although there is solid knowledge on mineral deficiencies and their consequences on health and productivity of cattle in Brazil, paradoxically, those informations, most of the time, are not used by professionals of the agricultural sciences, who

  12. Intake and digestibility of some nutritional components of sorghum silage (Sorghum bicolor L. Moench with or without additives in sheep/ Consumo e digestibilidade aparente de alguns componentes nutritivos da silagem de sorgo (Sorghum bicolor L. Moench com ou sem aditivos, em ovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Luiz Massaro Júnior

    2007-07-01

    Full Text Available This trial was conducted to evaluate the average daily intake of sorghum silage, sorghum silage with corn meal as additive and sorghum silage with Lacto Silo as additive. It was also evaluated the apparent digestibility in vivo and using the acid detergent lignin (ADL as marker. Values of apparent digestibility of some nutritive components of these tree silages were correlated. Nine castrated lambs, without defined race, with initial average body weight of 30.7 Kg were used, distributed in tree treatments and two periods. The animals were placed in metabolic cages and the sorghum silage without additive provided higher intake of dry matter (DM, organic matter (OM, acid detergent fiber (ADF, neutral detergent fiber (NDF, total carbohydrates (TC and hemicellulose (HEM. The apparent digestibility coefficient of the nutritive components did not differ when evaluated by the total feces collection. However, when using the LDA as marker there was significant difference to ADF, where the sorghum silage without additive was higher then sorghum silage with Lacto Silo. The sorghum silage with corn meal was similar to other two silages. There was significant correlation only to TC and HEM, between the two methodologies used to estimate.digestibility.Este trabalho teve como objetivos avaliar o consumo médio diário da silagem de sorgo, da silagem de sorgo aditivada com fubá e da silagem de sorgo aditivada com Lacto Silo., bem como estimar a digestibilidade aparente in vivo e pelo uso da lignina em detergente ácido (LDA como indicador, e correlacionar os valores das digestibilidades aparentes de alguns componentes nutritivos destas três silagens. Foram utilizados nove ovinos machos, castrados, sem raça definida, com peso médio inicial de 30,7 Kg, distribuídos em três tratamentos e dois períodos, alojados em gaiolas metabólicas. A silagem de sorgo sem aditivos proporcionou maiores níveis de consumo de matéria seca (MS, matéria orgânica (MO, fibra

  13. Ruminal degradability of hard or soft texture corn grain at three maturity stages Degradabilidade ruminal de grãos de milho de textura dura ou macia em três estádios de maturação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos Neves Pereira

    2004-01-01

    Full Text Available The predominance of vitreous endosperm in hard texture flint corn (Zea mays L. can decrease ruminal starch digestion comparatively to the farinaceous endosperm of dent corn, reducing energy content of the grain. The objective of this experiment was to evaluate the effects of texture and maturity stage on ruminal degradability of corn grain. Two dent and two flint hybrids were harvested at the early dent, half milk line, and black layer stages. The proportion of vitreous endosperm (vitreousness in dent hybrids was 44.3%, while in flint it was 67.0%. There was a linear increase in vitreousness with advancing maturity. Flint hybrids at the early dent stage were more vitreous than dent at the black layer stage. The increase in vitreousness per maturation day was greater for flint hybrids. Grains were incubated in situ in the rumen of 6 cows. The 24-hour ruminal dry matter degradation was 63.3% for dent corn and 52.4% for flint corn. The 72-hour incubation residues of dent and flint hybrids were 7.6% and 15.6%, respectively. Ruminal degradability was similar between hybrids at the early dent and half milk line stages. There was a marked texture effect on ruminal degradability at the black layer stage (quadratic effect of maturity stage and interaction between texture and maturity stage. Use of dent hybrids, compared to flint hybrids, may result in smaller relative reduction in ruminal starch digestion in situations of late grain harvesting.A predominância de endosperma vítreo em milho (Zea mays L. flint de textura dura pode deprimir a digestão ruminal do amido comparativamente ao endosperma farináceo de milho dentado, reduzindo o conteúdo energético do grão. O objetivo deste experimento foi avaliar os efeitos da textura e do estádio de maturidade sobre a degradabilidade ruminal de grãos de milho. Dois híbridos dentados e dois duros foram colhidos nos estádios dentado inicial, metade da linha do leite e linha preta. A proporção de

  14. Substituição do Milho pela Farinha de Mandioca de Varredura em Dietas de Cabras em Lactação: Fermentação Ruminal e Concentrações de Uréia Plasmática e no Leite

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mouro Gisele Fernanda

    2002-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da substituição do milho pela farinha de mandioca de varredura, em dietas de cabras Saanen em lactação, sobre a degradabilidade potencial, efetiva e efetiva corrigida das rações, bem como sobre o pH ruminal e as concentrações de amônia ruminal, uréia plasmática e uréia no leite em cabras em lactação. Foram utilizadas quatro cabras há 100 dias em lactação. O delineamento utilizado foi o quadrado latino 4 x4, em que os tratamentos consistiram em níveis de 0, 33, 67 e 100% de substituição do milho pela farinha de mandiocade varredura. A degradabilidade das rações experimentais foi determinada em bovinos pela técnica in situ. Apesar de a degradabilidade potencial das dietas experimentais ter tido pequena variação para MS, PB e amido, a degradabilidade efetiva e a degradabilidade efetiva corrigida da MS, da PB e do amido aumentaram com a substituição do milho pela farinha de varredura de mandioca. Os tratamentos não influenciaram o pH ruminal, bem como as concentrações de NH3-ruminal, uréia plasmática e uréia do leite. Houve correlação positiva (P<0,05; r = 0,9288 entre as concentrações de uréia plasmática e a uréia do leite, permitindo estimativas da uréia plasmática a partir da equação UP(mg/dL = 0,7672UL (mg/dL + 7,4894 (R²=0,8628. Conclui-se que a farinha de mandioca de varredura pode substituir totalmente o milho e ser utilizada em rações de cabras em lactação, em nível de até 30% da ingestão de MS, sem prejuízos para parâmetros ruminais e metabolismo do nitrogênio.

  15. Uso de n-alcanos na estimativa da composição botânica da dieta em ovinos alimentados com diferentes proporções de Brachiaria decumbens Stapf e Arachis pintoi Koprov e Gregory Use of n-alkanes to estimate the dietary botanical composition in sheep fed different proportions of Brachiaria decumbens Stapf and Arachis pintoi Koprov and Gregory

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nelson Massaru Fukumoto

    2007-08-01

    Full Text Available Neste experimento objetivou-se avaliar o poder discriminatório dos n-alcanos para estimar com acurácia e precisão a composição botânica da dieta em ovinos alimentados com diferentes proporções de Arachis pintoi Koprov & Gregory cv. Amarillo (0, 15, 30, 45 e 60% e Brachiaria decumbens Stapf. Foram utilizados 20 ovinos em delineamento inteiramente casualizado, com período experimental de dez dias de adaptação à dieta e cinco dias de coleta de fezes. Nas amostras (compostas de fezes do período e nos fenos, foi analisada a concentração de n-alcanos. Para o cálculo da composição botânica, utilizou-se minimização da soma dos quadrados dos desvios, considerando as concentrações dos alcanos nos componentes da dieta e nas fezes. Para a escolha dos alcanos mais discriminatórios, foram utilizadas as análises multivariadas e as variáveis canônicas. As estimativas calculadas foram submetidas à análise de variância. As médias foram comparadas pelo teste t e as correções dos valores estimados em relação aos valores reais foram ajustadas em regressão linear. As variáveis canônicas indicaram que os alcanos C35, C33, C30, C31, C27, C29 e C36 são os de maior potencial discriminatório. O uso desses alcanos nos cálculos foi mais acurado e preciso para estimar a proporção de A. pintoi na dieta que o uso de apenas dois ou três alcanos com poder discriminatório. O melhor ajuste da regressão também foi encontrado para esses alcanos. O teste t para o intercepto da equação (a e o coeficiente de regressão (b indicaram que a = 0 e b = 1, comprovando que os valores estimados são equivalentes aos valores reais. As análises multivariadas mostraram-se ferramentas de grande importância na escolha dos n-alcanos nos cálculos nas estimativas.The objective of this experiment was to use n-alkane to estimate accurately and precisely the botanical composition of dietary forage in sheep fed different proportions of Arachis pintoi

  16. Consumo e digestibilidade da matéria seca de fenos de braquiária decumbens e amendoim forrageiro em ovinos estimados por meio de n-alcanos Use of n-alkanes to estimate intake and digestibility of signalgrass and forage peanut in sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nelson Massaru Fukumoto

    2007-04-01

    Full Text Available O experimento foi realizado com os objetivos de avaliar a técnica de n-alcanos para estimar o consumo e a digestibilidade da MS em ovinos e definir a estratégia de coleta de fezes e os alcanos internos a serem utilizados no cálculos. Vinte ovinos foram distribuídos em delineamento inteiramente casualizado e alimentados com dietas formuladas com diferentes proporções de amendoim forrageiro (Arachis pintoi Koprov & Gregory cv. Amarillo e braquiária decumbens [Urochloa decumbens (Stapf, Webster] (0, 15, 30, 45 e 60% de amendoim forrageiro, base da MS. O período experimental teve duração de 18 dias, dez de adaptação à dieta, três para administração do indicador externo (C32 em péletes de celulose e cinco de coleta de fezes. As fezes foram coletadas seis vezes ao dia (9, 13, 17, 21, 1 e 5h, diretamente no reto do animal. Os dados foram submetidos à análise de variância e as comparações das médias estimadas aos valores reais foram feitas utilizando-se o teste t a 5% de significância. Para determinação da digestibilidade aparente da MS, os animais foram equipados com bolsas coletoras de fezes. O consumo foi calculado utilizando-se os alcanos internos C31 e C33 isoladamente ou em conjunto. Para o cálculo da digestibilidade da MS, foram utilizados os alcanos internos C33 a C35. Para obtenção de estimativas adequadas de digestibilidade, é necessária a correção para os valores de recuperação fecal dos indicadores internos, observando-se que os melhores resultados foram obtidos quando se utilizou o alcano interno C33 nos cálculos. Para estimar o consumo de MS, devem-se utilizar, de forma conjunta nos cálculos, os alcanos internos C31 e C33, sem necessidade de correção para recuperação fecal, podendo-se coletar uma única amostra de fezes por animal por dia, pela manhã (9 h ou à tarde (13 h.The objective of this trial was to use n-alkanes to estimate dry matter intake (DMI and DM digestibility in sheep. It was also

  17. Comportamento ingestivo de ovinos alimentados com farelo da vagem de algaroba associado a níveis de ureia - doi: 10.4025/actascianimsci.v32i4.8832 Intake behavior of sheep fed mesquite pod meal as a function of urea level - doi: 10.4025/actascianimsci.v32i4.8832

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mara Lúcia Albuquerque Pereira

    2010-10-01

    Full Text Available Objetivou-se neste trabalho avaliar os efeitos da inclusão de ureia em dietas contendo farelo da vagem de algaroba sobre o comportamento ingestivo de ovinos. Os tratamentos constituíram da inclusão de níveis de ureia na dieta, sendo: 0; 0,5; 1,0 e 1,5% da MS total. Foram utilizados oito animais, machos castrados, com peso médio de 33,5 kg, distribuídos em dois quadrados latinos 4 x 4. A avaliação do comportamento ingestivo ocorreu no 17º e 18º dia experimental, sendo registrado o tempo despendido em alimentação, ruminação e ócio. Foram realizadas observações por três períodos, das 10 às 12h, 14 às 16h e 18 às 20h, determinando-se o número de mastigações merícicas bolo ruminal-1 e o tempo gasto para ruminação de cada bolo. Os tempos de alimentação (317,19 min. e ruminação (468,59 min., tempo de mastigação total (13,10h dia-1, tempo gasto com mastigações bolo-1 (47,09 s, número de mastigações por bolo (60,65 e por dia (36.209,15 bem como as eficiências de alimentação e ruminação não foram influenciados pelos níveis de inclusão de ureia nas dietas. O comportamento ingestivo de ovinos não é afetado pela inclusão de ureia até o nível de 1,5% na MS da dieta contendo farelo da vagem de algaroba.The goal of this work was to evaluate the use of urea in diets containing mesquite pod meal on the intake behavior of sheep. Treatments consisted of the following urea levels in diet: 0, 0.5, 1.0 and 1.5% of total dry matter. Eight gelded males, with mean weight of 33.5 kg, were used in an experimental design with two 4 x 4 Latin squares. Evaluation occurred at the 17th and 18th experiment day, by recording feeding, rumination and resting time. Three periods were used (10 a.m. to 12 p.m., 2 to 4 p.m. and 6 to 8 p.m. to record the number of chewing times per cud and time spent. Feeding (317.19 min. and rumination time (468.59 min., total chewing time (13.10h day-1, time spent for chewing per cud (47.09 s, number

  18. Produção de carne em ovinos de cinco genótipos: 2. Componentes do peso vivo Meat production in sheep of five genotypes: 2. Live weight components

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Carlos Osório

    1996-12-01

    Full Text Available O estudo foi realizado com o objetivo de quantificar e comparar o peso vivo ao abate e seus componentes em cordeiros das raças Merino, Ideal Corriedale, Romney Marsh e Texel. Foram abatidos 50 cordeiros, sendo dez de cada raça, com idade de 225 dias. Os animais foram criados em condições extensivas de campo nativo até o desmame (10 semanas, na região sul do Brasil (Bagé, RS e castrados aos 30 dias de idade. A partir do desmame, iniciou-se a suplementação dos cordeiros (200g/cab./dia com uma ração contendo 17% de proteína bruta e 75% de nutrientes digestíveis totais. Até uma semana pós-desmame, a ração foi oferecida em regime de confinamento e, após, a campo até o abate. O genótipo apresentou um efeito sobre os componentes do peso vivo. Entretanto, pode ocorrer de não se detectar diferença entre genótipos em valores absolutos e existir diferença em valores percentuais (caso da cabeça, ou ser verificado diferenças entre alguns componentes do peso vivo em valores absolutos e não em valores percentuais (caso que ocorreu para coração, pulmões e fígado. A raça Texel apresentou valores absolutos superiores em relação às raças Merino Ideal, Corriedale e Romney Marsh. Porém, em valores percentuais, com exceção da carcaça, que igualmente apresentou maior valor, nos demais componentes não foram superiores. A raça Merino e a Ideal apresentaram uma percentagem de pele superior às demais raças.Fifty (ten per breed Merino, Polwarth, Corriedale, Romney Marsh and Texel lambs were castrated at 30 days of age and raised up to weaning (ten weeks on native pasture (mainly composed by Paspalum notatum Flügge and Axonoplus qffïnis Chase in the Southern (Bagé, RS region of Brazil. Following weaning, the animals were feedloted during one week and each lamb was daily fed 200 grams of a diet containing 17% of crude protein and 75% of dry matter basin. The animals were then moved to pasture up to 225 days of age when they were

  19. Investigation of the possible role of Chlamydophila abortus in reproductive failures in nrazilian herds of domestic ruminants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francielle Gibson da Silva-Zacarias

    2009-11-01

    Full Text Available Chlamydophila abortus (C. abortus infection is related to reproductive failure in domestic ruminants. Although it has not been well characterized worldwide, this pathogen has already been identified in some European countries and in the USA. In Brazil, preliminary studies have shown serological evidence of C. abortus infection in herds with low antibody prevalence. Until now, the identification of C. abortus in biological samples from females presenting reproductive failures has not been described in Brazilian herds of domestic ruminants. The aim of this study was to evaluate the presence of the C. abortus in a collection of abortions from cattle (n=85, sheep (n=12, and goats (n=8, in samples of vaginal mucus from cows (n=13, sheep (n=90, and goats (n­=20, and in semen from sheep (n=10 and goats (n=5. The specimens (n=243 were evaluated using a PCR assay developed to amplify the 16S-23S rRNA intergenic space of C. abortus. A PCR assay with an internal control, which amplifies a fragment from the ND5 gene of bovine mitochondrial DNA, was used in order to evaluate the efficiency of the DNA extraction and of the PCR reaction. All biological samples (n=243 included in this study were negative for C. abortus in the PCR assay. The internal control enabled the amplification of a product from the bovine mitochondrial ND5 gene in all cattle abortion samples (n=85. Given the serological evidence indicating the presence of C. abortus infection in Brazilian herds of domestic ruminants, and considering the wide sampling evaluated, the failure to identify C. abortus in this survey suggests that the frequency of clinical signs in infected animals may be low or even absent.A infecção pela Chlamydophila abortus (C. abortus em ruminantes domésticos está relacionada com distúrbios reprodutivos. Apesar de ainda pouco estudada em todo o mundo, a infecção já foi identificada em alguns países europeus e também nos EUA. No Brasil, estudos preliminares

  20. Parâmetros ruminais e desaparecimento da matéria seca e fibra em detergente neutro da forragem em bovinos que recebendo levedura e enzimas fibrolíticas na dieta Ruminal parameters and dry matter fiber and nitigen detergent neutral disappearance in steers of which diet received yeast and fibrolytic enzymes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristine dos Santos Settimi Cysneiros

    2008-09-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar o efeito de aditivos sobre o pH e nitrogênio amoniacal (N-NH3 ruminal e o desaparecimento da matéria seca e da fibra em detergente neutro em bovinos que receberam feno e suplementados com 1,0 kg concentrado (em base seca. Foram utilizados quatro novilhos mestiços com peso vivo médio de 510 kg, providos de cânula permanente no rúmen, por onde foram efetuadas as amostragens de líquido ruminal e a coleta dos sacos de náilon. Constatou-se que a suplementação de bovinos com dietas contendo enzimas fibrolíticas e leveduras não influenciou (P>0,05 o N-NH3 ruminal, cujos valores variaram de 17,40 a 18,89 mg/dL de líquido ruminal. No entanto, a interação enzima e levedura (P<0,05 levou à queda de pH ruminal, porém, com valores numa faixa normal de 6,63 a 6,48. Não se observou qualquer efeito (P<0,05 da suplementação no desaparecimento da matéria seca e da fibra em detergente neutro da forragem, sendo que os valores médios foram da ordem 47,6% e 40,71%, respectivamente. Fica evidente a necessidade de estudos mais aprofundados sobre o modo e local de ação das leveduras e enzimas para que se possa alcançar maior consistência nos resultados em trabalhos dessa natureza.This work has evaluated additives effect on ruminal pH and ammonia nitrogen (NH3-N and the dry matter and neutral detergent fiber disappearance in beef cattle that received hay and 1000 g of concentrate (on dry matter basis. Four crossbred steers fitted were used, with a permanent ruminal cannula by which the ruminal liquid samples and nylon bags were collected. The bovines diet supplementation with fibrolytic enzymes and yeast have not influenced (P>0.05 the ruminal NH3-N, with values from 17.40 to 18.89 mg/dL of ruminal liquid. However, the association of enzyme and yeast reduced (P<0.05 the pH value, and the decrease ranged from 6.63 to 6.48. There was no influence (P>0.05 on the disappearance of dry matter and neutral detergent fiber, after the

  1. Composição do sangue e do leite em ovinos leiteiros do sul do Brasil: variações na gestação e na lactação Blood and milk composition in dairy ewes from southern Brazil: variations during pregnancy and lactation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Arnt Brito

    2006-06-01

    Full Text Available A ovinocultura de leite tem avançado no Rio Grande do Sul nos últimos anos, sem o conhecimento das variações nos parâmetros metabólicos e de composição do leite que possa servir de apoio à pesquisa e à clínica. Este trabalho teve por objetivo estudar a variação dos perfis metabólico e hematológico e da composição do leite em ovinos leiteiros da raça Lacaune criados em regime de confinamento na Serra Gaúcha. O trabalho foi realizado no município de Bento Gonçalves (região serrana do RS. Foram coletadas amostras de sangue de 14 animais por venipunção jugular para a realização de hemograma e do perfil bioquímico, em cada uma das seguintes categorias: ovelhas vazias; aos 60, 90 e 120 dias de gestação e aos 7, 30, 60 e 140 dias de lactação. Durante os mesmos períodos da lactação, foram coletadas amostras para a determinação dos componentes físico-químicos do leite. A acidez Dornic e o teor de proteína e gordura do leite foram diferentes dos citados em outros países. O perfil metabólico apresentou maiores variações com relação à média no final da gestação e no início da lactação. A uréia mostrou diferença (PDairy sheep industry has increased intensively in southern Brazil, however, without the corresponding knowledge of variations on metabolic and hematological parameters and on milk composition, with application in research and clinical activities. This work was carried out on Lacaune sheep, intensively grazed in the county of Bento Gonçalves (RS, in southern Brazil. Blood samples were collected from the jugular vein for metabolic profiles and hematology. Samples were taken randomly from 14 sheep in each of the following periods: nonpregnant ewes; at 60, 90 and 120 of pregnancy and at 7, 30, 60 and 140 days of lactation. During the lactation period, milk samples were also taken to assay the physico-chemical composition. Milk acidity, protein and fat levels were different from reference levels in

  2. Avaliação de colheita de líquido ruminal por fístula ou sonda esofágica em bovinos

    OpenAIRE

    Salles M.S.V.; Zanetti M.A.; Del Claro G.R.; Netto A.S.; Franzolin R.

    2003-01-01

    Estudaram-se os efeitos do método de colheita de líquido ruminal, por sonda ou fístula ruminal, e do momento de colheita, antes e depois da alimentação, sobre a concentração e proporção de AGVs, concentração de nitrogênio amoniacal, concentração de minerais e pH do líquido ruminal, utilizando-se quatro bovinos machos da raça Nelore, com fístula ruminal e peso médio de 237kg. Observou-se maior concentração total de ácidos graxos voláteis no líquido colhido por fístula antes e depois da aliment...

  3. Metabolismo de cálcio em ovinos em crescimento sob suplementação com diferentes fontes de cálcio: aplicação e comparação de dois modelos matemáticos Calcium metabolism in growing sheep supplemented with different calcium sources: application and comparison of two mathematical models

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dorinha Miriam Silber Schmidt Vitti

    2006-12-01

    Full Text Available Este trabalho foi realizado com o objetivo de estudar, por meio de dois modelos matemáticos, o metabolismo do cálcio (Ca em ovinos recebendo dietas suplementadas com diferentes fontes de Ca. Foram utilizados 20 cordeiros mestiços Santa Inês (6 a 8 meses de idade alimentados com uma dieta basal composta de milho, farelo de soja, bagaço de cana hidrolisado, uréia, fosfato monoamônio (MAP e mistura mineral suplementada com cinco fontes de cálcio: polpa cítrica (PC, feno de alfafa (FA, calcário calcítico (CC, farinha de conchas de ostras (FC e fosfato bicálcico (FB. Os animais receberam, via jugular, solução contendo 7,7 MBq de 45Ca. Durante sete dias, realizaram-se coletas de fezes, sangue e urina. Após o período de coleta, os animais foram sacrificados para retirada de amostras de tecidos (fígado, rins, coração, músculo e 12ª costela para análises. O metabolismo de Ca foi avaliado pelos modelos de Vitti et al. (2000 e Fernandez (1995. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado e as médias foram comparadas pelo teste Duncan. Não houve diferença significativa para o consumo de Ca entre os tratamentos. A excreção fecal foi menor para o CC. O balanço de Ca foi negativo para FA e PC. A absorção de Ca pode ter sido prejudicada pela presença de pectina e oxalato na polpa cítrica e no feno de alfafa, respectivamente. Os fluxos entre o compartimento central e o trato digestivo indicaram maior absorção de Ca para o CC. As fontes CC, FB e FC apresentaram maior disponibilidade cálcio, com valores respectivos de 65,38; 34,12 e 32,43%. A comparação entre os modelos comprovou diferenças nos fluxos entre o sangue e os tecidos e ossos, todavia, o balanço entre esses compartimentos foi similar. As diferenças entre os modelos possivelmente foram ocasionadas pela sua estrutura.This research was conducted to compare the accuracy of two mathematical models to predict calcium (Ca metabolism in sheep supplemented

  4. Consumo e digestibilidade de dietas contendo níveis de farelo do mesocarpo de babaçu para ovinos

    OpenAIRE

    2012-01-01

    Objetivou-se avaliar o consumo, a digestibilidade aparente de nutrientes e o balanço de nitrogênio de dietas contendo farelo de mesocarpo de babaçu (FMB) em substituição à silagem de capim elefante (0; 21; 38; 62 e 78%). Utilizaram-se 20 ovinos alojados em gaiolas metabólicas individuais e distribuídos em delineamento inteiramente casualizado com quatro repetições. Foram coletados e registrados o consumo de alimentos e excreções de fezes e urina. Os consumos de matéria seca, matéria orgânica,...

  5. Consumo e comportamento ingestivo de caprinos e ovinos alimentados com palma gigante (Opuntia ficus-indica Mill e palma orelha-de-elefante (Opuntia sp. - DOI: 10.4025/actascianimsci.v30i2.4684 Intake and ingestive behavior of sheep and goats fed with cactus pear (Opuntia ficus-indica Mill and prickly pear (Opuntia sp. - DOI: 10.4025/actascianimsci.v30i2.4684

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valéria Louro Ribeiro

    2008-08-01

    Full Text Available O presente trabalho teve por objetivo avaliar o consumo e comportamento ingestivo de caprinos e ovinos alimentados com palma Gigante (Opuntia fícus-indica Mill e palma Orelha-de-elefante (Opuntia sp.. Foram utilizados 20 animais mestiços, sendo dez caprinos e dez ovinos, alojados em galpão coletivo, contidos individualmente por meio de cordas, distribuídos em delineamento inteiramente casualizado, em um arranjo fatorial 2 x 2 (duas espécies animais e duas variedades de palma. As observações comportamentais foram realizadas em intervalos de 5 min. por um período de 24h. Os consumos de matéria seca, extrato etéreo, fibra em detergente ácido, carboidratos totais e carboidratos não-fibrosos foram menores (p 0,05 sobre o tempo gasto com alimentação e eficiência de alimentação. O tempo gasto com ruminação foi maior para a dieta com palma Gigante, consequentemente os animais da dieta com palma Orelha-de-elefante permaneceram mais tempo em ócio. Comparando as espécies caprina e ovina, verificou-se que a eficiência de ruminação, tanto de MS quanto de FDN, foi maior para a espécie ovina. Os animais gastaram mais tempo ruminando deitados do que em pé, mas não foi verificada diferença quanto ao lado escolhido para deitarem.The objective of this study was to evaluate the intake and ingestive behavior of sheep and goats fed with cactus pear (Opuntia ficus-indica Mill and prickly pear (Opuntia sp.. Twenty crossbred animals – 10 sheep and 10 goats – were used. They were lodged in a collective shed, contained individually with ropes, distributed using a completely randomized design, and treated with a 2 x 2 factorial arrangement (2 animal species and 2 varieties of cactus. Behavioral observations were made at five-minute intervals during a 24-hour period. Dry matter, ether extract, acid detergent fiber, total carbohydrate and non-fibrous carbohydrate intake were reduced (p 0.05 on feeding time and feeding efficiency. The time

  6. Balanço hídrico e excreção renal de metabólitos em ovinos alimentados com palma forrageira (Nopalea cochenillifera Salm Dyck

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João P. Neto

    2016-04-01

    Full Text Available Resumo Objetivou-se avaliar balanço hídrico e excreção renal de metabólitos em borregos sem raça definida, alimentados com diferentes quantidades de palma forrageira (Nopalea cochenillifera Salm Dyck, na forma in natura e em farelo. Foram utilizados 20 borregos, com peso vivo médio inicial de 20 Kg e foram distribuídos no delineamento inteiramente casualizado, sendo cinco tratamentos e quatro repetições. As dietas experimentais consistiram em uma dieta controle à base de feno de tífton, farelo de soja, suplemento mineral e calcário, os demais tratamentos visaram testar níveis diferentes de palma forrageira corrigida com ureia em duas formas: in natura e farelada e em dois níveis de substituição (50 e 100% da matéria seca do feno de tífton. Amostras de sangue e urina foram coletadas para determinação de diferentes metabólitos e minerais e utilização de equações para obtenção dos índices de excreção urinária destes metabólitos, taxa de depuração endógena de creatinina e reabsorção de água livre de eletrólitos, além do registro de ingestão de água e volume de urina. A ingestão voluntária de água sofreu influência das dietas, sendo que os animais submetidos às dietas contendo farelo de palma e feno e farelo de palma foram superiores aos demais tratamentos. A ingestão de água via alimentos também sofreu influência da dieta, sendo maior nos animais que receberam palma in natura e farelo mais palma in natura. Com relação à ingestão total de água foi maior para os animais alimentados com dietas contendo palma in natura em relação aos demais tratamentos. As dietas experimentais influenciaram na excreção renal de metabólitos derivados purínicos e minerais, sem alterar a função renal. A presença da palma forrageira tanto na condição de farelo como in natura proporciona aumento do volume urinário sem alterar a função renal, além de que deve ser considerado como uma excelente estrat

  7. Cana-de-açúcar em substituição à silagem de milho em dietas para vacas em lactação: parâmetros digestivos e ruminais Effects of replacing corn silage with sugarcane on production and ruminal metabolism of lactating dairy cows

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Luiz Rodrigues Magalhães

    2006-04-01

    Full Text Available O experimento foi realizado com o objetivo de avaliar a substituição da silagem de milho por cana-de-açúcar em dietas para vacas leiteiras. Foram avaliados quatro níveis de substituição (0; 33,3; 66,6 e 100% de silagem de milho por cana-de-açúcar para o estudo do consumo e da digestibilidade aparente dos nutrientes e a determinação do pH e da concentração de compostos nitrogenados amoniacais (N-NH3 do líquido ruminal e da taxa de passagem ruminal da digesta. Doze vacas da raça Holandesa, puras e mestiças, com potencial para produção de 5.000 a 7.000 kg de leite por lactação, foram distribuídas em três quadrados latinos 4 x 4 balanceados, conforme o período de lactação. Os animais foram mantidos em baias individuais, onde receberam as dietas (ad libitum, duas vezes ao dia, com relação volumoso:concentrado 60:40, durante 84 dias experimentais. O aumento do nível de substituição de silagem de milho por cana-de-açúcar promoveu redução linear do consumo de todos os nutrientes, exceto lignina e carboidratos não-fibrosos. A substituição não afetou as digestibilidades da matéria seca, da matéria orgânica e da proteína bruta. A digestibilidade da fibra em detergente neutro apresentou redução acentuada, enquanto a dos carboidratos não-fibrosos aumentou. O pH ruminal não foi influenciado pelas dietas, apresentando comportamento quadrático conforme o tempo após alimentação. As concentrações de amônia ruminal apresentaram comportamento quadrático de acordo com as dietas e o tempo de alimentação. A taxa de passagem ruminal da digesta diminuiu e o tempo médio de retenção total aumentou com a substituição, o que pode explicar a redução no consumo. A silagem de milho pode ser substituída em até 33% pela cana-de-açúcar para vacas com produções médias diárias de 24 kg de leite.This trial was conducted to evaluate the effects of replacing corn silage with sugarcane on intake, apparent

  8. Efeito da inclusão do caroço de algodão sobre o consumo, digestibilidade e balanço da energia em dietas para ovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rogério M.C.P.

    2002-01-01

    Full Text Available Vinte e cinco carneiros castrados, em delineamento inteiramente ao acaso, foram utilizados para avaliar o efeito de níveis crescentes de inclusão (0, 12, 24, 35 e 45% de caroço de algodão integral (Gossypium hirsutum à dieta básica de feno de "Tifton 85" (Cynodon spp. sobre a digestibilidade aparente da energia bruta, sobre os consumos de energia digestível e metabolizável por unidade de tamanho metabólico, e sobre o balanço energético. O consumo de energia digestível aumentou até o nível de 24% de inclusão de caroço de algodão integral (192,58 Kcal/kg0,75/dia. O balanço energético foi positivo para todas as dietas em virtude do atendimento aos requisitos energéticos de mantença. Os animais que receberam 24% de inclusão do caroço de algodão integral à dieta tiveram maior consumo de energia e melhores digestibilidade e balanço energético.

  9. Fontes de carboidratos e ionóforo em dietas contendo óleo vegetal para ovinos: digestibilidade, balanço de nitrogênio e fluxo portal de nutrientes Carbohydrate sources and ionophore in sheep diets with vegetal oil: digestibility, nitrogen balance and portal flux of nutrients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gisele Fernanda Mouro

    2006-10-01

    Full Text Available Os objetivos neste trabalho foram avaliar a utilização de duas fontes de carboidratos (casca de soja e milho, com a utilização ou não de monensina em dietas com alta densidade lipídica, e seus efeitos sobre a digestibilidade dos nutrientes, o balanço de nitrogênio e o fluxo portal de nutrientes em ovinos. Adotou-se o método de coleta total de fezes e urina para determinação da digestibilidade e do balanço de nitrogênio. O fluxo líquido de nutrientes foi calculado pelo princípio de Fick. Foram utilizados quatro ovinos (54 kg de PV da raça Corriedale com três cateteres implantados (veia e artéria mesentérica e veia porta. A ingestão, a excreção fecal, a digestão e a digestibilidade de MS, MO e EE não foram influenciadas pelos tratamentos. A ingestão, a digestão e a digestibilidade da FDN foram maiores para as dietas com casca de soja (757,0; 531,1 g/dia e 70,2% que para aquelas com milho (392,3; 199,9 g/dia e 51,0%, enquanto a dos carboidratos não-fibrosos (CNF, foram maiores para as dietas com milho (474,6, 416,8 g/dia e 87,8% que para aquelas com casca de soja (148,0; 97,8 g/dia e 66,1%. A concentração de energia expressa como NDT foi maior nas dietas com milho (80,2% que naquelas com casca de soja (76,7%. Não houve efeito da utilização da monensina nos parâmetros de digestibilidade e balanço de nitrogênio. A excreção fecal da proteína foi menor e a digestibilidade maior para as dietas com milho. A concentração portal e arterial de nitrogênio alfa amino (N alfa-amino foi menor para as dietas com monensina (3,161 e 2,922 e 3,530 e 3,218 mM, respectivamente. A concentração portal (0,419 vs 0,516 mM, a diferença venosa-arterial (0,230 vs 0,317 mM e o fluxo portal de amônia (26,119 vs 37,041 mM/h foram menores para as dietas com milho.The objectives of this trial were to evaluate the effects of two carbohydrate sources (soybean hulls and corn grain with and without monensin on digestibility, nitrogen

  10. Resíduo desidratado de vitivinícolas associado a diferentes fontes energéticas na alimentação de ovinos: consumo e digestibilidade aparente Winery dehydrated residues wineries associated to different energetic sources in sheep feeding: intake and nutrients digestibility

    OpenAIRE

    Daerson Dantas Barroso; Gherman Garcia Leal de Araújo; Divan Soares da Silva; Fernando Thomaz Medina

    2006-01-01

    O consumo e a digestibilidade aparente dos nutrientes foram determinados em ovinos confinados, objetivando avaliar a combinação do resíduo desidratado de vitivinícolas a diferentes fontes energéticas. Foram utilizados dezoito ovinos não castrados, com idade aproximada de sete meses e 21 kg de peso vivo, distribuídos num delineamento em blocos casualizados com três tratamentos e seis repetições. As dietas foram compostas de 50% de resíduo de vitivinícolas e 50% de concentrados energéticos: grã...

  11. Pharmacokinetics of sodium meclofenamate in pre-ruminant cattle Farmacocinética do meclofenamato sódico em bezerros pré-ruminantes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    E.J. Picco

    2004-12-01

    Full Text Available The pharmacokinetic profile of sodium meclofenamate, a non-steroidal antiinflammatory drug, was determined in six pre-ruminant calves after intravenous and intramuscular administration at a dose of 2.2mg/kg of body weight. Meclofenamate concentrations were measured using a high performance liquid chromatography assay. The pharmacokinetics of sodium meclofenamate after intravenous and intramuscular administration to calves were characterised by a rapid distribution phase (t½alpha , 15.45± 4.85min and 23.14± 7.24min for the intravenous and intramuscular administration, respectively, followed by a longer elimination phase (t½beta after intramuscular treatment (17.55± 6.52h.. The apparent volume of distribution (Vd of the drug after intravenous administration was moderate (0.72± 0.12l/kg, and high (3.51± 1.05l/kg after intramuscular administration. This can be explained by the flip-flop effect or by enterohepatic shunting. The bioavailability achieved after intramuscular administration was 61%.O perfil do meclofenamato sódico, uma droga antiinflamatória não-esteroidal, foi determinado em seis bezerros pré-ruminantes após administração intravenosa e intramuscular na dose de 2,2mg/kg de peso vivo. As concentrações de meclofenamato foram medidas empregando-se cromatografía líquida de alta performance. A farmacocinética do meclofenamato sódico, após as administrações intravenosa e intramuscular, caracterizou-se por rápida fase de distribuição (t½alfa , 15,45±4,85min e 23,14± 7,24min para a administração intravenosa e intramuscular, respectivamente, seguida por longa fase de eliminação (t½beta , após a aplicação intramuscular (17,55±6,52h.. O volume aparente de distribuição (Vd da administração intravenosa da droga foi moderado (0,72±0,12l/kg, e após um lapso da aplicação intramuscular, foi alta (3,51±1,05l/kg. Isso pode ser explicado pelo efeito flip-flop ou por evitar a via enteroépatica. A

  12. Gas production, microbial synthesis by radio phosphorus and digestibility of babassu and mofumbo in sheep diets; Producao de gases, sintese microbiana pelo radiofosforo e digestibilidade do babacu e mofumbo em dietas de ovinos

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Abdalla Filho, Adibe Luiz

    2015-06-01

    When food shortages in natural pastures is committed to animal nutrition, small ruminants can incorporate into their diets the leaves of other plants, such as trees and shrubs, many of them rich in secondary metabolites such as tannins and which still lack of studies about its effect on animal productivity. In order to verify the possibility of using leaves of Orbignya phalerata (Babassu) and Combretum leprosum (Mofumbo) in feed and to evaluate the effect of their inclusion in the sheep production system, two studies were conducted at the Animal Nutrition Laboratory of Centro de Energia Nuclear na Agricultura, Universidade de Sao Paulo, Piracicaba (LANA/CENA-USP). The first study evaluated the performance variables, biochemical and hematological parameters and also determined the microbial protein synthesis, nutrient apparent digestibility and enteric production of methane (CH4). The second study assessed the carcass characteristics, fatty acid profile and meat color of male sheep used in the first study. The experimental treatments were diets with forages to concentrate rate of 50:50, drawn up on the basis of using the leaves of the experimental plants replacing 30% of the Cynodon dactylon (Tifton-85) hay, resulting in three treatments: Control (no hay replacement), Babassu and Mofumbo. In the first study, there were used 24 Santa Ines sheep, in a randomized experimental design with eight repetitions for each treatment and 48 days of trial period. Also during this period, an in vitro microbial protein synthesis was performed using the radio phosphorus using five different inoculum of each studied treatment. After this period, for nine days, six animals from each treatment were allocated in metabolic cages for determining the nutrient apparent digestibility, microbial protein synthesis and nitrogen balance. Simultaneously it was quantified the enteric CH4 production in vivo. The Control group showed greater (P < 0.05) apparent digestibility of acid detergent fiber

  13. Avaliação clínica, laboratorial e anatomopatológica do sistema urinário de ovinos confinados com ou sem suplementação de cloreto de amônio

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bianca P. Santarosa

    2016-01-01

    Full Text Available Resumo: A acidificação urinária com cloreto de amônio (CA é um método preventivo eficiente em urolitíase obstrutiva em ovinos. Os objetivos deste estudo com ovinos confinados, que receberam dieta concentrada com elevado teor proteico, foram: verificar o efeito da dieta sobre a formação de urólitos e o desenvolvimento da doença; analisar as características macroscópicas e histopatológicas do sistema urinário; relacionar os achados clínicos, laboratoriais e necroscópicos com a presença de urólitos. Utilizaram-se 60 ovinos machos: grupo CA (n=40, 400 mg/kg CA/dia, tratados via oral, por 42 dias consecutivos; grupo-controle (n=20, não tratado. Determinaram-se sete momentos de colheita de amostras com intervalos de sete dias, no total de 56 dias de confinamento. Encontraram-se microcálculos na pelve renal em cinco animais de ambos os grupos. As lesões renais microscópicas mais relevantes foram congestão vascular e necrose tubular. Concluiu-se que a dieta rica em concentrado provocou lesão renal em ambos os grupos, embora sem alterar a função renal, o que foi comprovado em testes pela ureia e creatinina séricas. O cloreto de amônio fornecido ao grupo CA não impediu a calculogênese, mas reduziu sua prevalência em relação ao grupo-controle. Os ovinos do grupo-controle tiveram maior comprometimento renal, pela alta incidência de cristalúria e pela necrose tubular, induzidas pelo consumo da dieta rica em grãos.

  14. Diâmetro e freqüência de fibras musculares esqueléticas de ovinos, em diferentes faixas de peso, submetidos à restrição alimentar e realimentação

    OpenAIRE

    Chlad, Mônica

    2014-01-01

    A fim de diminuir os custos de produção, ou por ocasião de menor disponibilidade de alimentos em determinados períodos do ano, a restrição alimentar é comumente observada. A freqüência de fibras musculares lentas oxidativas (SO), rápidas oxidativas e glicolíticas (FOG) e rápidas glicolíticas (FG) varia de acordo com diversos fatores, como idade, sexo, grupo genético e nutrição, e a proporção de fibras musculares tem influência na qualidade da carne. Este trabalho foi realizado com o objetivo ...

  15. Emissões otoacústicas por produtos de distorção em ovinos normais e após indução de hiperinsulinemia Distortion product otoacoustic emissions in sheep before and after hyperinsulinemia induction

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco Carlos Zuma e Maia

    2008-04-01

    Full Text Available As emissões otoacústicas transientes evocadas e as emissões otoacústicas por produtos de distorção vêm assumindo importância significativa na identificação de alterações cocleares. OBJETIVO: Através da monitorização das emissões otoacústicas, registrar os limiares dos produtos de distorção em condições normais e na presença de modificações eletrofisiológicas nas células ciliadas externas cocleares de ovelhas após a indução de hiperinsulinemia aguda. MATERIAL E MÉTODO: Estudo experimental com sete ovelhas no grupo-controle e sete no grupo-estudo. Os níveis de insulina e glicose foram verificados simultaneamente ao registro das emissões otoacústicas por produtos de distorção de 10 em 10 minutos, até o tempo de 90 minutos. O grupo-controle recebeu soro fisiológico, e o grupo-estudo, injeção em bolo de 0,1 U/kg de insulina humana regular. RESULTADOS: Houve diminuição significante nos limiares dos produtos de distorção no grupo-estudo em relação ao grupo-controle nas freqüências acima de 1.500 Hz e após o tempo de 60 minutos (P Transient evoked otoacoustic emissions and distortion product otoacoustic emissions have gained significant importance in the identification of cochlear alterations. AIM: To record distortion product thresholds through the monitoring of otoacoustic emissions in normal conditions and in the presence of electrophysiologic changes in cochlear outer hair cells in sheep after hyperinsulinemia induction. MATERIAL AND METHODS: Experimental study, with seven sheep in the control group and seven in the study group. Insulin and glucose concentrations were measured simultaneously for the recording of distortion product otoacoustic emission every 10 minutes, all the way to 90 minutes. The control group received saline solution, and the study group received a bolus injection of 0.1 U/kg of regular human insulin. RESULTS: There was a significant reduction in distortion product thresholds in

  16. Parâmetros ruminal, sangüíneo e urinário e digestibilidade de nutrientes em novilhas leiteiras recebendo diferentes níveis de monensina Effects of different dietary levels of monensin on nutrient digestibility and on ruminal, blood and urinary metabolites in dairy heifers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcus Vinicius Morais de Oliveira

    2005-12-01

    Full Text Available Objetivou-se verificar a influência da inclusão de diferentes níveis do ionóforo monensina sódica na dieta sobre os parâmetros ruminal, sangüíneo e urinário e a digestibilidade aparente em novilhas leiteiras. Foram coletadas amostras de líquido ruminal (imediatamente antes e duas horas após a alimentação, sangue, urina e fezes de 28 novilhas da raça Holandesa mantidas em regime de confinamento por 84 dias. As dietas possuíam 32,84% de concentrado (grão de milho, farelo de soja, uréia e mistura mineral, 33,58% de silagem de milho e 33,58% de cana-de-açúcar na matéria seca. Os níveis de ionóforo avaliados foram 0, 14, 28 e 42 mg de monensina/kg de matéria seca da dieta. O experimento foi instalado conforme delineamento inteiramente casualizado, com quatro tratamentos e sete repetições, realizando-se estudos de regressão e contrastes ortogonais. Antes da alimentação, a monensina não influenciou o pH ruminal e a concentração de amônia e dos ácidos acético, propiônico e butírico, mas promoveu redução da relação acetato:propionato. Duas horas após a alimentação, verificou-se redução do pH e da relação acetato:propionato; e aumento da concentração de ácido propiônico. O estudo de contrastes revelou que ocorreu diminuição da concentração de amônia antes da alimentação. Não foram verificadas mudanças significativas nas concentrações de glicose e uréia sangüínea. A monensina também não influenciou os consumos de matéria seca (MS, matéria orgânica, proteína bruta, extrato etéreo (EE, carboidratos totais (CHOT e fibra em detergente neutro. As digestibilidades da MS, EE e CHOT e a perda de nitrogênio urinário apresentaram respostas quadráticas.The objective of this trial was to study the effects of different dietary levels of the ionophore monensin on apparent digestibility of nutrients and on ruminal, blood, and urinary metabolites in dairy heifers. Samples of ruminal fluid (pre

  17. Monensina sódica e Saccharomyces cerevisiae em dietas para bovinos: fermentação ruminal, digestibilidade dos nutrientes e eficiência de síntese microbiana Sodium monensin and Saccharomyces cerevisiae in cattle diets: ruminal fermentation, nutrient digestibility and microbial synthesis efficiency

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Fereli

    2010-01-01

    Full Text Available Avaliaram-se os efeitos do uso de monensina sódica, Saccharomyces cerevisiae e da mistura de ambos na dieta de bovinos sobre o pH e a concentração de amônia no rúmen, a digestibilidade aparente parcial e total dos nutrientes e a síntese de proteína microbiana no rúmen. Foram utilizados quatro bovinos da raça Holandesa Preto e Branco, castrados, com 320 kg de peso vivo, e canulados no rúmen. O delineamento experimental utilizado foi o quadrado latino 4 × 4, e os tratamentos consistiram de doses diárias de: 200 mg de monensina sódica (100I; 100 mg monensina sódica + 2,5 g Saccharomyces cerevisiae (50IP; 200 mg de monensina sódica + 5 g Saccharomyces cerevisiae (100IP; e 5 g Saccharomyces cerevisiae (100P, fornecidos diariamente pela cânula ruminal. A dieta contendo 100I promoveu menor digestão intestinal e total da matéria seca (MS, maior digestão intestinal da fibra em detergente neutro (FDN e do extrato etéreo (EE, maior digestão total da proteína bruta (PB e do EE e maior coeficiente de digestibilidade aparente ruminal (CDAR e total (CDAT da PB. A dieta contendo 100P resultou em menor digestão ruminal da PB, maior digestão ruminal da FDN, maior digestão intestinal da matéria orgânica (MO, da PB e dos carboidratos não-fibrosos (CNF, maior digestão total da matéria orgânica e do extrato etéreo, maior CDAR da FDN, maior coeficiente de digestibilidade intestinal (CDAI da MO e dos CNF e maior CDAT da MO. A dieta 100P promoveu maior fluxo omasal de nitrogênio bacteriano e maior eficiência microbiana aparente e verdadeira. A dieta com 5 g/dia de Saccharomyces cerevisiae apresentou valor de NDT superior ao das outras dietas. As dietas não diferem quanto ao pH e à concentração de amônia no rúmen.The study was conducted to evaluate effects of sodium monensin, Saccharomyces cerevisiae and a mixture of both, in cattle diets, on ruminal pH and ammonia concentration, partial and total nutrient digestibility, and

  18. Consumo, digestibilidade dos nutrientes e parâmetros ruminais em bovinos alimentados com silagem de capim-mombaça Intake, digestibilities of the nutrients, and ruminal variables in cattle fed Mombaça-grass silage

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    B.R. Vieira

    2010-10-01

    Full Text Available Avaliaram-se o consumo, a digestibilidade aparente total e parcial dos nutrientes, o pH e a concentração de amônia ruminal em bovinos alimentados com silagem de capim-mombaça e concentrado nas seguintes proporções: 80:20, 65:35, 50:50 e 35:65, com base na matéria seca. Foram utilizados quatro animais Holandês x Zebu, com peso corporal médio inicial de 229kg, canulados no rúmen e abomaso, e distribuídos em quadrado latino 4x4. Os consumos de matéria seca (MS, matéria orgânica (MO, proteína bruta (PB, extrato etéreo (EE e carboidratos totais (CHOT, expressos em kg/dia, e a digestibilidade parcial dos carboidratos não fibrosos (CNF apresentaram comportamento linear crescente, com resposta platô nos níveis de concentrado de 54,1; 54,8; 52,9; 62,2; 55,2 e 52,7%. O consumo dos demais nutrientes, exceto da fibra em detergente neutro (FDN, e as digestibilidades aparente total de MS, MO e CNF e a parcial de MO aumentaram linearmente com o incremento do concentrado nas dietas. Não foram encontradas diferenças no consumo e nas digestibilidades aparente total e parcial da FDN. Para concentração de amônia e pH ruminal, observou-se efeito quadrático de tempo de amostragem, com valores máximos de 24,76mg/dL e 6,53 em 2,8 e 3,5 horas após a alimentação, respectivamente.Intake; total and partial digestibilities of nutrients; and ruminal pH and ammonia concentration were evaluated in beef cattle fed Mombaça-grass silage and concentrate at the following proportions: 80:20, 65:35, 50:50, and 35:65, in the dry matter basis. Four Holstein x Zebu steers, with average live weight of 229kg, fitted with ruminal and abomasal canullae, were used. The animals were allotted in a 4x4 latin square design. The intakes of dry matter (DM, organic matter (OM, crude protein (CP, ether extract (EE, and total carbohydrates (kg/day, as well the partials digestibilities of non fibrous carbohydrates (NFC increased linearly with plateau at the concentrate

  19. Farelo da vagem de algaroba em dietas para cabras lactantes: parâmetros ruminais e síntese de proteína microbiana Mesquite pod meal in diets of lactating goats: ruminal parameters and microbial efficiency synthesis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lizziane da Silva Argôlo

    2010-03-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar os efeitos da adição de farelo da vagem de algaroba (0; 33,3; 66,7 e 100% em substituição ao fubá de milho sobre a excreção de derivados de purina, estimada com coleta total de urina, e sobre os parâmetros ruminais (pH, amônia e ácidos graxos voláteis de cabras em lactação. Utilizaram-se oito cabras adultas lactantes distribuídas em dois quadrados latinos 4 × 4 e alimentadas com dietas isoproteicas, compostas de 40% de silagem de capim-elefante e 60% de concentrado. Não houve efeito significativo da adição de farelo da vagem de algaroba sobre os parâmetros ruminais. O pH manteve-se em faixa adequada, entre 6,85 e 7,03, e a concentração média de nitrogênio amoniacal ruminal foi de 6,97 mg de N/100 mL de fluido ruminal. As concentrações de acetato e propionato variaram de 9,47 a 10,54 e de 4,79 a 6,58 mM, respectivamente. As excreções (mmol/dia de alantoína, ácido úrico, xantinahipoxantina, a quantidade (mmol/dia de purinas absorvidas, o fluxo intestinal (g/dia de nitrogênio microbiano e a eficiência de síntese microbiana (PM/kg NDT apresentaram resposta linear negativa à substituição do fubá de milho pelo farelo da vagem de algaroba. A estimativa da síntese de proteína microbiana em cabras deve ser calculada pela excreção de derivados de purinas a partir de equações obtidas com caprinos.The objective of this study was to evaluate the effect of adding mesquite pod meal (0, 33.3, 66.7 and 100% to substitute corn meal on purin derivative the excretion, estimated by total urine collection, and on the ruminal parameters (pH, ammonia and volatile fatty acids. Eight lactating goats were used and distributed in a 4 × 4 Latin square and fed iso-protein diets consisting of 40% elephant grass silage and 60% concentrate. There was no significant effect from adding mesquite pod meal on the ruminal parameters. The pH ranged from 6.85 to 7.03 and the ruminal ammonia concentration averaged 6.97 mg

  20. Clinical observations and acid-base imbalances in sheep during chronic copper poisoningAvaliação clínica e hemogasométrica de ovinos com intoxicação cúprica acumulativa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Clara Satsuk Mori

    2011-08-01

    Full Text Available Twelve male sheep were intoxicated with copper and four served as controls. When hemoglobinuria was first diagnosed, the poisoned sheep were randomly distributed into two groups: 4 untreated and 8 tetratiomolybdate-treated. Blood samples and clinical evaluation were performed daily, from the onset of poisoning until the 30th day. Analysis of packed cell volume, plasma free hemoglobin, and blood gas were made. Elevated heart rates and rectal temperature, and reduced respiratory and ruminal movement rates were recorded in the intoxicated group. The poisoned sheep developed mild alkalosis caused by bicarbonate retention, while a short-periodic increase of pCO2 occurred to compensate the ongoing alkalosis. Elevated degree of anemia was directly proportional to heart rate, while high degree of alkalosis was inversely proportional to respiratory rate. Further, there was an elevated positive relationship between plasma free hemoglobin and rectal temperature, and an increase in rectal temperature accompanied a reduced ruminal movement.Foram utilizados 16 cordeiros, sendo 12 submetidos à intoxicação cúprica e quatro animais controle. Quando foi verificada a presença de hemoglobinúria, os animais intoxicados foram aleatoriamente distribuídos em dois grupos, quatro animais não tratados e oito animais tratados com tetratiomolybidato de amônia. Foi realizado exame clínico e coleta de sangue diariamente desde o início da intoxicação até 30 dias após. Foram analisados o volume globular, concentração de hemoglobina plasmática e avaliação hemogasométrica. Nos animais intoxicados, foi observado elevação da freqüência cardíaca e da temperatura retal e redução da freqüência respiratória e dos movimentos ruminais. Os ovinos intoxicados desenvolveram alcalose moderada causada por retenção de bicarbonato seguido de um aumento pontual da pCO2 para compensar a alcalose em curso. Quanto maior o grau de anemia foi maior a freqüência card

  1. Growth curve in crossbred Santa Inês x Texel ovines raised in the southwestern region of Bahia state Curva de crescimento em ovinos mestiços Santa Inês x Texel criados no Sudoeste do Estado da Bahia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Julio César de Souza

    2008-06-01

    Full Text Available The present study had the objective to analyze the application of non-linear models to describe the growth of crossbred Santa Inês x Texel sheep and, then define the best adjusted model, to evaluate the influence of environmental factors (sex, birth month and type of parturition over curve parameters. Data based on 24 weights, 15 days each, of 75 animals from birth up to 365 days of age were used. The non-linear models evaluated were: Brody, Von Bertalanffy, Richards, Logistic and Gompertz. The models Von Bertalanffy and Gompertz presented the best adjustment at the initial growth period. However, the Logistic model provided the best adjustment from 120 days of age and the lowest genetic divergence in relation to the observed average weight and, therefore, it was considered the more appropriate growth model within the studied period. An accentuated decrease in the absolute growth rate was observed after weaning and nutritional strategies should be performed to avoid the low weight gain at this stage. Environmental factors had no effects on the Logistic curve parameters, excepting the parturition kind, which influenced the parameter m. The correlation estimated between the parameters A and k was negative (-0.44, indicating that fast-growing young animals are less likely to reach higher weights when adults.O objetivo deste estudo foi analisar modelos não lineares para descrever o crescimento em ovinos mestiços ½Santa Inês x ½Texel e, após a definição do modelo de melhor ajuste, avaliar a influência de fatores ambientais (sexo, mês de nascimento e tipo de parto sobre os parâmetros da curva. Foram utilizados dados de 24 pesagens (quinzenais de 75 animais do nascimento aos 365 dias de idade. Os modelos não lineares utilizados foram: Brody, Von Bertalanffy, Richards, Logístico e Gompertz. Os modelos Von Bertalanffy e Gompertz apresentaram o melhor ajuste na fase inicial de crescimento. O modelo Logístico apresentou melhor ajuste a

  2. Níveis de ureia em dietas contendo co-produto de vitivinícolas e palma forrageira para ovinos Santa Inês Urea levels in diets containing dried grape byproduct and forage cactus for Santa Inês sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    D.R. Menezes

    2009-06-01

    Full Text Available Avaliou-se o efeito da inclusão de níveis crescentes de ureia sobre o consumo e a digestibilidade aparente dos nutrientes de dietas contendo coproduto de vitivinícolas desidratado (CVD e palma forrageira in natura. Foram utilizados 16 ovinos da raça Santa Inês machos, não castrados, com peso médio de 37kg e média de idade de 11 meses. As dietas continham 60% de CVD e 40% de palma forrageira, e níveis crescentes de ureia, 0, 1, 2 e 3%, na matéria seca (MS. O delineamento experimental foi o inteiramente ao acaso, e o experimento foi desenvolvido em dois períodos, com 15 dias de adaptação e cinco dias de coleta cada. Os consumos da MS, fibra em detergente neutro (FDN, carboidratos não fibrosos (CNF e nutrientes digestíveis totais (NDT apresentaram comportamento quadrático com valores máximos de 2,04; 0,66; 0,74; 1,50kg/dia, respectivamente. No consumo de proteína bruta (PB, a cada acréscimo de uma unidade percentual de ureia ocorreu aumento de 20 gramas no consumo de PB. Os coeficientes de digestibilidade da MS, PB, FDN e CNF apresentaram comportamento quadrático com valores máximos de 62,5; 85,0; 81,0; e 97,8%, respectivamente. A inclusão de ureia até 2% nas dietas contendo coproduto de vitivinícolas desidratado e palma forrageira in natura possibilitou incrementos no consumo e no coeficiente de digestibilidade dos nutrientes.The effect of urea levels on intake and apparent digestibility of nutrients in diets containing dried wine grape byproduct and fresh forage cactus was evaluated. Sixteen male, non-castrated, Santa Inês sheep, averaging 37kg and 11-month-old were used. The diets had 60% of dried grape byproduct (DGB and 40% of forage cactus, and increasing levels of urea - 0, 1, 2, and 3% in dry matter. Completely randomized designs with two periods with 15 adjust days and five days for samples collection was carried out. Dry matter (DM, neuter detergent fiber (NDF, non-fibrous carbohydrates (NFC, and total digestive

  3. A simple and rapid method for collecting saliva to assess sodium status in sheepum Um método simples e rápido de colheita de saliva para avaliar estados normais ou deficientes de sódio, em ovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Enrico Lippi Ortolani

    1997-06-01

    trompa ou bomba motora de vácuo que com o auxílio de esponja ou de seringa. Não existiu diferença entre a razão das concentrações Na:K salivar nas amostras colhidas pelos três diferentes métodos, nos períodos experimentais. A ingestão de uma dieta pobre em sódio, pelos ovinos, provocou uma queda, de cerca de 50%, nos valores da razão Na:K salivar, comparado com os valores encontrados na dieta normosódica. Porém, os animais submetidos a dieta carente em sódio não apresentaram quaisquer sinais clínicos sugestivos de deficiência deste elemento. As vantagens do método desenvolvido para colheita de saliva são apresentadas e discutidas.

  4. Biodigestão anaeróbia de dejetos de caprinos e ovinos em reator contínuo de PVC flexível Anaerobic digestion of goat and sheep wastes in a continuous reactor of flexible PVC

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Danilo G. de Quadros

    2010-03-01

    Full Text Available A escassez de fontes energéticas e as altas taxas de mortalidade do rebanho são dois grandes problemas para os agricultores familiares no semiárido brasileiro. De setembro de 2006 a abril de 2007 um reator contínuo com gasômetro em PVC flexível, com 33 m³ de volume, instalado na Estação Experimental da EBDA, Jaguarari, Estado da Bahia, foi monitorado quanto aos parâmetros bioquímicos, microbiológicos e parasitários do afluente e efluente, sendo avaliadas a produção e a composição do biogás, além da utilização do biofertilizante em capim-elefante. Com o manejo adequado, o poder poluente dos dejetos foi reduzido significativamente. Microbiologicamente, a eficiência de remoção de coliformes totais e fecais se manteve acima de 98% enquanto os ovos dos principais endoparasitos foram eliminados com o tratamento. A produção de biogás foi de 0,061 m³ kg-1 de esterco. Basicamente, o biogás apresentou, em sua composição, 58 e 34% de metano e gás carbônico, respectivamente. O biofertilizante (pH 7,5 foi uma boa fonte de nutrientes, sobretudo de nitrogênio (64 g 100L-1, 80% na forma amoniacal e potássio (214 g 100L-1, aumentando a produção de forragem sem alterações significativas na composição bromatológica, digestibilidade "in vitro" da matéria seca e teor de minerais.The scarcity of energy resources and the high livestock mortality rates are perpetual problems for small farmers of the Brazilian semi-arid region. From September 2006 to April 2007 a continuous reactor, of 33 m³ with gasometer in PVC flexible film, was installed at the EBDA Experimental Station, Jaguarari, Bahia State and the affluent and effluent biochemical, microbiological, and parasitological characteristics were monitored, the biogas production and composition being evaluated, as well as the use of the biofertilizer in elephant grass. With adequate management, the pollution power of residues reduced significantly. Microbiologically, the

  5. Análise do comportamento biológico de heteroenxertos descelularizados e homoenxertos criopreservados: estudo em ovinos Decellularized heterografts versus cryopreserved homografts: experimental study in sheep model

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sergio Augusto Veiga Lopes

    2009-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: Este estudo avalia o comportamento biológico dos heteroenxertos porcinos descelularizados (Grupo Desc comparados com os homoenxertos criopreservados (Grupo Crio implantados em carneiros jovens. MÉTODOS: Foram implantados em cinco animais heteroenxertos pulmonares porcinos descelularizados e em outros cinco, homoenxertos pulmonares criopreservados. Os animais apresentaram seguimento médio de 280 ± 14 dias. O diâmetro valvar foi medido por ecocardiografia, a qual foi realizada no 30º pós-operatório e antes do explante. As valvas foram também avaliadas macroscopicamente. A avaliação histológica foi realizada utilizando-se coloração de H.E., Gomori e Weigert e imunohistoquímica (Fator VIII, CD3, Vimentina e CD68. A quantificação de cálcio foi realizada utilizando-se espectrometria de absorção atômica. RESULTADOS: Houve um óbito no Grupo Desc por endocardite. As valvas do Grupo Crio apresentaram decréscimo na celularidade, enquanto que as valvas do Grupo Desc demonstraram repovoamento da matriz com células endoteliais e intersticiais. No grupo Crio, observou-se perda na densidade e desarranjo da arquitetura das fibras colágenas. A espectrometria de absorção atômica demonstrou maior calcificação no conduto e nas cúspides dos enxertos criopreservados quando comparados aos descelularizados (P=0,016. O diâmetro médio valvar no explante foi significantemente maior no Grupo Desc (P=0,025. CONCLUSÃO: Heteroenxertos descelularizados apresentam um comportamento biológico diferente quando comparados aos homoenxertos criopreservados, tornando-se repovoados por células com características de fibroblastos e células endoteliais. A matriz permaneceu bem preservada, o que possibilitou um processo de regeneração celular.OBJECTIVES: The aim of this study is to assess the biological behaviour of porcine decellularized heterografts (Desc group compared with cryopreserved homografts (Crio group implanted in juvenile sheep

  6. Taxa de passagem e parâmetros ruminais em bovinos suplementados com enzimas fibrolíticas Passage rate and ruminal parameters in cattle supplemented with fibrolytic enzymes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana de Souza Martins

    2006-06-01

    Full Text Available Avaliou-se o efeito da adição de enzimas fibrolíticas (celulase e xilanase sobre as taxas de passagem de partículas e de diluição e os parâmetros ruminais (pH e nitrogênio amoniacal em animais consumindo dietas contendo silagem de milho e feno de tifton 85 (Cynodon spp. como volumoso. Oito bovinos com fístulas no rúmen e no duodeno foram distribuídos em dois quadrados latinos 4 x 4, com os tratamentos distribuídos em esquema fatorial 2 x 2 (duas fontes de volumoso e adição ou não de enzimas. O complexo enzimático foi proveniente de fonte comercial e extraído dos fungos Aspergillus niger e Trichoderma longibrachiatum, sendo fornecido na proporção de 12 g/animal/dia, misturado à ração total. Para as taxas de passagem, foram utilizados como marcadores das fases sólida e líquida o cromo-mordente e o cobalto-EDTA, respectivamente. Não houve efeito das enzimas sobre o pH e as concentrações de N-NH3, que apresentaram médias de 6,5 e 22,10 mg/100 mL, respectivamente. A taxa de passagem de partículas no rúmen não foi influenciada pela suplementação enzimática, com médias de 3,4 e 3,0%/h para as dietas contendo silagem de milho e feno de tifton, respectivamente. A taxa de diluição aumentou de 10,07 para 11,84%/h com a adição de enzimas. A suplementação com enzimas fibrolíticas em dietas formuladas com silagem de milho e feno de tifton como volumoso praticamente não alterou os parâmetros avaliados.The objective of this trial was to evaluate the effect of fibrolytic enzymes (cellulase and xylanase on particle passage rate, dilution rate and ruminal parameters (pH and ammonia N in animals fed diets containing corn silage or Tifton 85 hay (Cynodon spp.. Eight bovines fitted with ruminal and duodenal cannulas were randomly assigned to two 4 x 4 Latin squares in a 2 x 2 factorial arrangement of treatments (two forage sources supplemented or not with fibrolytic enzymes. A commercial enzymatic complex containing enzymes

  7. Feno de maniçoba em dietas para ovinos: consumo de nutrientes, digestibilidade aparente e balanço nitrogenado Maniçoba hay in diets for sheep: intake, apparent digestibility and nitrogen balance

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Divan Soares da Silva

    2007-10-01

    Full Text Available Objetivou-se determinar o consumo voluntário, a digestibilidade da MS, MO e dos nutrientes (PB, EB, FDN, FDA, CT, CNF e EE e o balanço de nitrogênio de dietas contendo feno de maniçoba (Manihot glaziovii Muell. Arg.. Vinte quatro cordeiros Santa Inês com média de 28,62 kg PV foram distribuídos em um delinemento completamente casualizado e alimentados com rações contendo 20, 40, 60 ou 80% de feno de maniçoba. Os consumos médios de MS, MO, PB e CT foram 1,24; 1,12; 0,20 e 0,82 kg/dia, respectivamente, e os consumos médios de EM, FDN, FDA, EE e CNF foram, respectivamente, 2,78 mcal/dia; 401,01; 215,50; 83,42; 426,62; e 126,10 g/dia. Os coeficientes de digestibilidade de MS, PB e EB foram, respectivamente, 60,22; 56,16 e 61,90%, e os de FDN, FDA, CT e CNF, 44,73; 54,63; 61,50 e 78,41%, respectivamente. O balanço nitrogenado foi positivo, com média de 7,20 g N/kg MS/dia, e o nitrogênio aparentemente retido representou 21,45% do N ingerido. A inclusão de 80% de feno de maniçoba na dieta não afetou o consumo de MS, no entanto, reduziu a digestibilidade aparente dos nutrientes da dieta.The objective was to determine the voluntary intake and digestibility of DM, OM and nutrients (CP, GE, NDF, ADF, CT, NSC and EE. And nitrogen balance of diets containing maniçoba maniçoba (Manihot glaziovii Muell. Arg. hay Twenty-four Santa Ines lambs, average 28.62 kg LW were allotted to a completely randomized design and fed diets containing 20, 40, 60 e 80% of maniçoba hay.The mean intakes of DM, OM, CP and CT were 1.24, 1.12; 0.20; and 0.827 kg/d, respectively, and the mean intakes of ME, NDF, ADF, EE and NSC were, respectively, 2.78 mcal/kg, 401.01, 215.50, 83.42, 426.62, and 126.10 g/d. The apparent digestibility for DM, CP, and CE were respectively, 60.22, 61.28, 56.16, 61.90, and for NDF, ADF CT and NSC were, respectively, 44.73, 54.63, 61.50, and 78.41. The nitrogen balance was positive, with mean of 7.20 g N/kg DM/d, and the apparently

  8. Eficiência microbiana, fluxo de compostos nitrogenados no abomaso, amônia e pH ruminais, em bovinos recebendo dietas contendo feno de capim-tifton 85 de diferentes idades de rebrota Microbial efficiency, abomasal nitrogen compounds flow, ruminal ammonia and ruminal pH in cattle fed diets containing tifton 85 bermudagrass hays at different regrowth ages

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Karina Guimarães Ribeiro

    2001-04-01

    Full Text Available Avaliaram-se a eficiência de síntese microbiana, o fluxo de compostos nitrogenados no abomaso, o balanço de compostos nitrogenados, a taxa de passagem da digesta ruminal, a concentração de amônia e o pH ruminais, em bovinos recebendo rações contendo feno de capim-tifton 85 de diferentes idades de rebrota. Utilizaram-se quatro animais zebu, com peso médio de 340 kg, fistulados no rúmen e abomaso, distribuídos em um delineamento em quadrado latino 4 x 4. Todas as rações continham 60% de volumoso e 40% de concentrado. O volumoso foi constituído de feno de capim-tifton 85 de 28, 35, 42 e 56 dias de idade e o concentrado continha fubá de milho e mistura mineral. Os microorganismos ruminais foram quantificados utilizando-se as bases purinas como indicador. O pH e N-amoniacal foram mensurados, no fluido ruminal, antes e 2; 4 e 6 horas após o fornecimento da ração. A taxa de passagem foi determinada pelo modelo unicompartimental, utilizando-se o óxido crômico como indicador. As eficiências de síntese microbiana não foram influenciadas pela idade do feno na ração, apresentando valores médios de 31,32 g Nbact/kg MODR; 30,74 g Nbact/kg CHODR; 337,4 g MSbact/kg CHODR; e 12,5 g PBbact/100 g NDT. Estimaram-se máximos fluxos de compostos nitrogenados totais, amoniacais e não-amoniacais, de 119,0; 9,76; e 109,6 g/dia, com a inclusão de feno com 39,7; 37,6; e 39,9 dias de idade, respectivamente, e fluxo de compostos nitrogenados bacterianos de 80,54 g/dia, em média. O balanço de nitrogênio, a taxa de passagem, as concentrações de amônia e o pH ruminais também não foram influenciados pela idade do feno na ração, encontrando-se valores de 30,67 g/dia; 3,2%/h; 9,7 mg/100mL (máximo às 1,38h e 6,08 (mínimo às 6,64h, respectivamente.The microbial efficiency synthesis, the abomasum nitrogen compounds flow, the nitrogen compounds balance, the passage rate of ruminal digest, the ruminal ammonia concentration and ruminal pH in

  9. Inoculação microbiana da silagem de alfafa (Medicago sativa e seu efeito sobre o consumo de matéria seca e sobre a fermentação ruminal em bovinos - DOI: 10.4025/actascianimsci.v25i2.2074 Microbial inoculation of alfalfa silage (Medicago sativa and its effect on dry matter intake and ruminal fermentation in bovines - DOI: 10.4025/actascianimsci.v25i2.2074

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Henrique Mazza Rodrigues

    2003-04-01

    Full Text Available O objetivo do presente estudo foi avaliar os efeitos da inoculação microbiana da alfafa (Medicago sativa para ensilagem sobre o consumo de matéria seca, fermentação ruminal e taxa de passagem de líquidos em bovinos. Doze vacas não-gestantes e não-lactantes foram distribuídas em um delineamento em blocos, e os tratamentos corresponderam à silagem pré-secada de alfafa (60% de MS e 19,5% de PB controle ou inoculada com o produto Silobac® (Lactobacillus plantarum e Pediococcus pentosaceus. A dieta experimental continha 50% de silagem de alfafa e 50% de concentrado. O experimento teve duração total de 21 dias, sendo o 21º dia utilizado para colheitas de líquido ruminal realizadas às 0h, 2h, 4h, 6h, 8h, 10h e 12h, após a 1a refeição. A inoculação microbiana da silagem de alfafa não alterou o consumo de MS (inoculada = 2,56 vs. controle = 2,39% PV, o pH do líquido ruminal (6,15 vs. 6,27, a concentração ruminal de N-NH3 (19,0 vs. 18,2mg/dl, a concentração total de AGVs (122,5 vs. 113,8mM ou a proporção molar de ácido acético (66,1 vs. 66,8% molar, propiônico (21,1 vs. 19,6% molar e butírico (12,8 vs. 13,6% molar. Parâmetros relativos à dinâmica líquida ruminal, como o volume líquido (59,5 vs. 63,4 litros e a taxa de passagem de líquidos (8,6 vs. 8,0%/h, também não foram alterados com a inoculação.The objective of this study was to evaluate the effects of microbial inoculation of alfalfa (Medicago sativa for ensiling on dry matter intake, ruminal fermentation and liquid passage rate in twelve non pregnant dry cows. A randomized block design was used and the treatments were alfalfa haylage control (60% DM and 19.5% CP or inoculated with Silobac® product (Lactobacillus plantarum and Pediococcus pentosaceus. Experimental diet contained 50% of alfalfa silage and 50% of concentrate. Experimental period lasted for twenty-one days; the 21st day was used for ruminal liquid sampling at 0, 2, 4, 6, 8, 10 e 12 hours

  10. Efeito da suplementação com Blocos Multinutricionais sobre o desempenho e características de carcaça de ovinos e caprinos na Caatinga

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.A. Cordão

    2014-12-01

    Full Text Available Este trabalho avaliou o desempenho e as características de carcaça e não constituintes de carcaça de ovinos e caprinos em área de caatinga, suplementados com blocos multinutricionais (BMs. O trabalho foi desenvolvido na Estação Experimental da EMEPA em Soledade, Paraíba, Brasil, de acordo com um delineamento inteiramente ao acaso com 3x2 tratamentos fatoriais (3 níveis de suplementação de animais em pastejo na caatinga: S1 = sal mineral; S2 = BMs; e S3 = BMs + feno de capim buffel, e duas espécies de animais: ovinos e caprinos e dez repetições de um animal. Os ganhos de peso se mostraram mais elevados para os animais suplementados com sal mineral. Os ovinos obtiveram ganho de peso médio diário (GPMD=104,83g e ganho de peso total (GPT=11,32kg superior aos caprinos (GPMD=92,90g e GPT=10,04kg. O peso vivo ao abate (PVA, o peso da carcaça quente (PCQ e fria (PCF foram superiores para os animais suplementados com sal mineral. O peso corporal vazio (PCV, rendimento biológico (RB, rendimento comercial (RC, rendimento verdadeiro (RV e perda por resfriamento (PPR não foram afetados pelos níveis de suplementação. O PVA dos ovinos (PVA=27,62kg superou o dos caprinos (PVA= 25,34kg, e o RB, RC e RV dos caprinos foram superiores aos dos ovinos. Houve efeito significativo (P<0,05 dos níveis de suplementação no rendimento (% do peso do trato gastrintestinal cheio (TGIc, peso do trato gastrintestinal vazio (TGIv, fígado, coração e rins. A suplementação com blocos multinutricionais ou em conjunto com feno de baixa qualidade, para ovinos e caprinos sob pastejo direto na caatinga, com forragem em quantidade e qualidade satisfatórias, não resulta em ganhos produtivos significativos.

  11. Plantas tóxicas para ruminantes e equídeos da microrregião do Cariri Cearense Plant poisonings in ruminants and horses in Southern Ceará, Northeastern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cícero Wanderlô Casimiro Bezerra

    2012-06-01

    Full Text Available Em um levantamento, feito no período de agosto de 2009 a novembro de 2010, sobre as plantas tóxicas para ruminantes e equídeos no Cariri Cearense (municípios de Juazeiro do Norte, Crato, Barbalha e Missão Velha, foram realizadas 21 entrevistas a produtores, médicos veterinários, engenheiros agrônomos e técnicos agropecuários. As intoxicações por Ipomoea asarifolia, mencionada por 38% e 19% dos entrevistados como tóxicas para bovinos e ovinos, respectivamente, e Enterolobium contotisiliquum, mencionada como tóxica para bovinos (47,6% dos entrevistados e ovinos (4,7% foram as mais frequentemente mencionadas. Ocorrem, também, na região, intoxicações por Mascagnia rigida (mencionada por 38% do entrevistados, Anadenanthera colubrina var. cebil (=A. macrocarpa (14%, Ricinus communis (14%, Thiloa glaucocarpa (9% e Sorghum halepense (4% em bovinos, Brachiaria decumbens em ovinos e bovinos (38%, Mimosa tenuiflora em ovinos, caprinos e bovinos (38%, Manihot spp. em bovinos e caprinos (28% e Leucaena leucocephala em ovinos e equinos (4%. Seis plantas não conhecidas anteriormente como tóxicas, mas mencionadas como causa de intoxicação pelos entrevistados, foram testadas experimentalmente em diferentes doses. Somente Casearia commersoniana resultou tóxica para caprinos na dose diária de 20g kg-1 de peso vivo por 2-4 dias. Os sinais clínicos, semelhantes aos descritos pelos produtores, foram de relutância em movimentar-se, meteorismo discreto, polaquiúria, vocalização, ingurgitamento da jugular e pulso jugular, andar cambaleante, quedas, espasticidade dos membros, movimentos de pedalagem, opistótono, taquicardia e taquipneia, seguidos de bradicardia e bradipnéia. A morte ocorreu 6 e 19 horas após o início dos sinais. Não foram encontradas lesões macroscópicas nem histológicas de significação. Conclui-se que as intoxicações por plantas são uma causa importante de perdas econômicas para a região, cuja população

  12. Intoxicações por plantas em ruminantes e equídeos no Sertão Paraibano Plant poisonings in ruminants and equidae in the Sertão of Paraiba, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tales S. Assis

    2009-11-01

    Full Text Available Foi realizado um levantamento das intoxicações por plantas em 20 municípios do Sertão Paraibano, onde foram entrevistados 50 produtores e 11 médicos veterinários. De acordo com o levantamento realizado, Ipomoea asarifolia e Mascagnia rigida são as intoxicações mais importantes. Indigofera suffruticosa, as plantas cianogênicas (Sorghum vulgare, Piptadenia macrocarpa e Manihot spp., Mimosa tenuiflora, Aspidosperma pyrifolium e Crotalaria retusa são plantas importantes como causa de intoxicações na região. Os entrevistados relataram casos esporádicos de intoxicação por Ricinus communis, Enterolobium contortisiliquum, Prosopis juliflorae Brachiaria decumbens. Ziziphus joazeiro, Passiflora sp., Caesalpina ferrea e Crescentia cujete foram mencionadas como causa de abortos em ruminantes. Frutos de Crescentia cujete foram administrados a duas cabras prenhes causando mortalidade perinatal e abortos. As cascas de feijão (Phaseolus vulgaris e Vigna unguiculata e as folhas de Licania rigida (oiticica são associadas à sobrecarga ruminal em bovinos. As frutas de Mangifera indica (mangae Anacardium occidentale (cajú são responsabilizadas por causarem intoxicação etílica. Dalechampia sp. e Croton sp. foram citadas pelos entrevistados como possíveis plantas tóxicas, que ainda não tiveram sua toxicidade comprovada.A survey of plant poisoning in ruminants and equidae was conducted in 20 municipalities of the semiarid region of the Sertão Paraibano. Fifty farmers and 11 veterinary practitioners were interviewed. Ipomoea asarifolia and Mascagnia rigida are the most important poisonous plants in the region. Indigofera suffruticosa, the cianogenic plants (Sorghum vulgare, Piptadenia macrocarpa, and Manihot spp., Mimosa tenuiflora, Aspidosperma pyrifolium and Crotalaria retusa cause also important intoxications in the area. Sporadic outbreaks of poisonings by Ricinus communis, Enterolobium contortisiliquum, Prosopis juliflora and Brachiaria

  13. Avaliação das características do líquido ruminal, hemogasometria, atividade pedométrica e diagnóstico de laminite subclínica em vacas leiteiras

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mirian Rodrigues

    2013-12-01

    Full Text Available Este estudo objetivou avaliar as características do líquido ruminal, hemogasometria, atividade pedométrica e ocorrência laminite subclínica, por meio da presença de enfermidades podais secundárias, em vacas leiteiras de alta produção, provenientes de um rebanho comercial. Foram avaliadas 200 vacas holandesas, oriundas da mesma propriedade, localizada na região de Araçatuba, SP, divididas em quatro grupos, sendo estes estabelecidos a partir da produtividade diária. Inicialmente procedeu-se o exame clínico dos animais, seguido da colheita de amostras do líquido ruminal, por meio de sondagem esofágica, sendo este avaliado quanto ao pH, cor, odor, consistência, sedimentação, flutuação e prova de redução pelo azul de metileno. Também foram colhidas amostras de sangue venoso para hemogasometria, além da coleta dos dados da pedometria (número de passos e produção de leite diária das vacas. Os dados obtidos foram tabulados e submetidos à análise de correlação. Nenhum animal avaliado apresentou alterações no pH ruminal, bem como não foram encontrados distúrbios do desequilíbrio ácido básico, pois os valores de pH sanguíneo, PCO2, TCO2, HCO3- e EB estavam dentro da normalidade, durante a análise hemogasométrica. A pedometria foi efetiva como método de triagem para as vacas acometidas de afecções podais, pois se observou a redução no número de passos devido à dor, correlacionada a menor produção leiteira. Contudo, a identificação destas afecções, somente foi possível mediante exame clínico específico dos dígitos. A ocorrência das afecções podais em 49,5% do rebanho deveu-se aos fatores de riscos presentes na propriedade, como o concreto abrasivo e instalações inadequadas, associados também a possível ocorrência de acidose ruminal subaguda, não diagnosticada pela metodologia utilizada. A correlação entre os valores do pH ruminal, pedometria e hemogasometria se mostrou eficiente para o

  14. Rumen ciliate protozoa in sheep raising in the caatinga region of Pernambuco State, Brazil População de protozoários ciliados no rúmen de ovinos criados na caatinga de Pernambuco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gladston Rafael de Arruda Santos

    2008-06-01

    Full Text Available This work sought to determine the number and genus of rumen ciliate protozoa in caatinga sheep raising, before and four hours after feeding them. There were collected 10 mL of ruminal fluid which was fixed in 10 mL of 10% formalin. After counting and identification of genera, the variables were submitted to variance analysis, the means compared by Tukey test and accomplished of simple correlation test between protozoa and chemical composition diet. Among found genera there was predominance of Entodinium (around 90%. Holotricha subclass only Isotricha genus was registered which represented 1.94% of population. The percentage of protozoa only varied (P <0.05 for Eodinium genus. It’s highest variation was showed in May 2005. Related to the collection schedule, only the pH, the medium number of Entodinium gender and total number of protozoa presented significant difference, being larger before feeding the animals. Other genera also presented the same behavior, thus reflecting the stability of ruminal environment for animals without access to night feeding. The protozoa of Entodiniomorphid subclass present high positive correlation with level of total digestible nutrients and crude protein of the diet. This reflects the necessity, for microorganism, of energy and protein for synthesis (cellular division and storage.Objetivou-se com este trabalho determinar o número e gênero de protozoários ciliados no rúmen de ovinos criados na caatinga antes da alimentação e quatro horas após. Foram coletados 10 mL de fluido ruminal, fixados em 10 mL de formalina a 10 %. Após contagem e identificação dos gêneros, as variáveis foram submetidas à análise de variância, as médias comparadas pelo teste de Tukey, sendo, ainda, realizado o teste de correlação simples entre protozoários e a composição química da dieta. Dentre os gêneros encontrados, houve predominância do gênero Entodinium (em torno de 90%. Da subclasse Holotricha, foi registrado

  15. Resistência à intoxicação por Amorimia septentrionalis em caprinos, induzida pela inoculação ruminal das bactérias Pigmentiphaga kullae e Ancylobacter dichloromethanicus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Danielle A.N. Pessoa

    2015-02-01

    Full Text Available No Brasil, estima-se que as intoxicações por plantas tóxicas que contém monofluoroacetato de sódio (MFA causam a morte de aproximadamente 500.000 bovinosao ano. A inoculação ruminal de bactérias que degradam MFA tem sido proposta como uma forma de prevenir a intoxicação. O presente trabalho teve como objetivo avaliar, em caprinos, a resistência ao MFA presente em Amorimia septentrionalis, induzida por inoculação ruminal das bactérias Pigmentiphaga kullae e Ancylobacter dichloromethanicus. Doze caprinos, que nunca tiveram contato prévio com plantas que contêm MFA, foram divididos em dois grupos, com seis animais cada. No grupo 1, 60 mL de uma mistura das duas bactérias foi inoculada, diariamente, durante 10 dias em cada caprino. No grupo 2, os caprinos não receberam as bactérias. A partir do 10º dia de inoculação, A. septentrionalis foi administrada, diariamente, na dose de 5g/kg de peso vivo, sendo interrompida em cada animal após a observação dos primeiros sinais clínicos da intoxicação. Os caprinos do grupo 1 apresentaram sinais clínicos 5,83±2,56 dias após a administração da planta o que diferiu significativamente (p=0,037 dos caprinos do grupo 2, que apresentaram sinais clínicos aos 2,67±0,52 dias. A quantidade de planta ingerida pelos caprinos inoculados (28,83±12,97g/kg e os não inoculados (12,03±3,65g/kg para desencadear os sinais clínicos foi, também, estatisticamente diferente entre os grupos (p=0,025. Conclui-se que a administração intraruminal de Pigmentiphaga kullae e Ancylobacter dichloromethanicus induz resistência à intoxicação por plantas que contêm MFA.

  16. Produção animal e vegetal em pastagem de Cynodon manejada sob diferentes ofertas de forragem por ovinos de dois grupos genéticos Animal and vegetal production of a Cynodon pasture managed under different forage allowance by wethers of two breeding groups

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanessa de Souza Soriano

    2013-01-01

    Full Text Available Foi avaliado o potencial produtivo de uma pastagem de Cynodon dactylon var.dactylon manejada em um sistema de pastoreio com lotação contínua com ovinos. Testou-se o efeito de três níveis de oferta (3, 6 ou 9kg de matéria seca (MS 100kg-1 de peso corporal (PC de lâminas foliares verdes (OFLV sobre os atributos da pastagem e sobre o desempenho de borregos de dois grupos genéticos (Texel × Ile de France e Lacaune × Texel × Ile de France. O período experimental foi de 53 dias sendo utilizados 18 borregos de cada grupo genético distribuídos ao acaso em nove piquetes experimentais (três por tratamento. A OFLV real foi próxima à pretendida em cada tratamento (i.e. 3,2, 6,7 e 9,5% do PC. A massa de forragem (média de 3474kg de MS ha-1 teores de MS, fibra em detergente neutro e proteína bruta das amostras coletadas por simulação de pastejo (médias de 49,4, 76,1 e 12,9, respectivamente não foram afetados pelos tratamentos. A taxa de acúmulo de lâminas foliares verdes aumentou (PThe productive potential of a Cynodon dactylon var.dactylon pasture managed under continuous stocking with wethers was evaluated. The effect of three (3, 6 or 9kg of dry matter (DM 100kg-1 of body weight (BW green leaf allowances (GLAL on pasture attributes and animal performance of two genetic groups (Texel × Ile de France and Lacaune × Texel × Ile de France was tested. Experiment was carried out through a 53 days period with 18 wethers of each genetic group randomly distributed in nine pasture plots (three pasture plots per treatment. Actual GLAL were near to those planned for each treatment (i.e. 3.2, 6.7 e 9.5% of BW. Forage mass (mean of 3474kg of DM ha-1 and the content of DM, neutral detergent fibre and crude protein of samples taken through grazing simulation (mean of 49.4, 76.1 and 12.9%, respectively were not affected by treatments. The green leaf growth rate increased (P<0.05 from 12.1 to 20.5kg of DM ha-1day-1 and stocking rate decreased (P<0

  17. Fermentação e Degradabilidade Ruminal em Bovinos Alimentados com Resíduos de Mandioca e Cana-de-Açúcar ensilados com Polpa Cítrica Peletizada Ruminal Fermentation and Degradability in Bovine Fed Diet with Cassava Residue and Sugar Cane Ensiled with Pelleted Citrus Pulp

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roselene Nunes da Silveira

    2002-01-01

    Full Text Available O presente trabalho foi conduzido com o objetivo de avaliar a degradabilidade ruminal da matéria seca (MS, fibra em detergente neutro (FDN e amido, além de pH, amônia e ácidos graxos voláteis ruminais, em bovinos alimentados com silagens de milho (SMi, de raspa de mandioca com polpa cítrica (SRp, de casca de mandioca com polpa cítrica (SCc e de cana-de-açúcar com polpa cítrica (SCn. Foram utilizados quatro novilhos, mestiços, castrados, canulados no rúmen e duodeno, em quatro períodos experimentais, com 11 dias de adaptação à dieta e oito dias de coleta. O delineamento experimental foi o quadrado latino 4x4. Foram adotados oito horários para a incubação das silagens: 3, 6, 12, 24, 48, 72, 96 e 120 horas. A SRp apresentou maior degradação efetiva (Kp 5% da MS e da FDN (48,44 e 45,78%, respectivamente, quando comparada com a SMi (45,50 e 23,75%, a SCc (43,87 e 24,20% e a SCn (40,76 e 25,78%. Para todos os tratamentos, o pH e a concentração de N-NH3 ruminal foram adequados para o crescimento dos microrganismos ruminais. Os valores de AGV para os tratamentos de SMi, SRp e SCc foram semelhantes entre si e superiores aos do tratamento com SCn.The objective of this work was to evaluate the dry matter (DM, neutral detergente fiber (NDF and starch ruminal degradability besides pH, N-NH3 and valatile fatty acids (VFA in bovines fed diet with corn (CS, cassava meal (CMS, cassava hull (CHS, and sugar cane (SCS. The CMS, CHS and SCS were ensiled with citrus pulp (CPP. Four crossbred, castrated, rumen and duodenum cannulated steers were used in four experimental periods, with 11 days for diet adaptation and 8 days for sampling. The experimental design was 4x4 Latin Square. There were eight incubations times: 3, 6, 12, 24, 48, 72, 96 and 120 hours. The CMS showed higher DM, and NDF effective degradation (Kp 5% (48.44 and 45.78%, respectively than CS (45.50, 23.75%, CHS (43.87, 24.20% and SCS (40.76, 25.78%. For all the treatments, the p

  18. Hipotiroidismo en rumiantes Hypothyroidism in Ruminants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R. MATAMOROS

    2003-01-01

    Full Text Available La glándula tiroides está presente en todos los vertebrados y es única entre las glándulas endocrinas en que almacena sus productos de secreción (hormonas tiroidales extracelularmente. Estas hormonas juegan un papel indispensable en una variedad de reacciones bioquímicas en tejidos periféricos como el músculo esquelético, cardíaco, el hígado y el riñón los que colectivamente controlan la actividad metabólica basal del organismo. A pesar de que muchos procesos fisiológicos en rumiantes requieren una actividad normal de la glándula tiroides, generalmente se ha resaltado su rol principalmente en la fisiología reproductiva. Sin embargo, en la mayoría de la literatura actual, la síntesis y acciones de las hormonas tiroidales en la fisiología de los rumiantes se ha extrapolado del conocimiento extenso que se tiene en la especie canina y felina. Por lo tanto, este trabajo pretende entregar información actualizada sobre la fisiología endocrina de la glándula tiroides en los rumiantes, enfatizando su rol en el bovino y ovino y las causas mas comunes de hipotiroidismo clínico en los rumiantes domésticosThe thyroid gland is present in all vertebrates and it is unique among endocrine glands in that it stores its secretory products (the thyroid hormones extracellularly. These hormones play an indispensable role in a variety of biochemical reactions at the level of peripheral tissues such as the skeletal and heart muscle, the liver and the kidney which collectively control the basal metabolic activity of the organism. Although many physiologic processes in ruminant require a normal activity of the thyroid gland, their role has generally been emphasized in the reproductive physiology. However, in most of the current literature, the synthesis and mechanism of action of the thyroid hormones in the ruminant physiology have been extrapolated of the extensive knowledge that we have in the canine and feline species. This work seeks to give

  19. Resistência de parasitos gastrintestinais de ovinos a alguns anti-helmínticos no estado de Santa Catarina, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ramos César Itaqui

    2002-01-01

    Full Text Available A atuação dos anti-helmínticos à base de ivermectin (0,2mg/kg, levamisole (10mg/kg, closantel (10mg/kg e albendazole (10mg/kg, foi avaliada em 65 rebanhos ovinos do estado de Santa Catarina, Brasil. As ava