WorldWideScience

Sample records for ruminal em ovinos

  1. Avaliação da ingestão súbita de melão com alto teor de açúcar sobre a saúde ruminal em ovinos não adaptados

    OpenAIRE

    Francisco Leonardo Costa de Oliveira

    2013-01-01

    O presente trabalho avaliou a possibilidade de duas diferentes quantidades de melão, com alto teor de açúcares, em causar acidose ruminal em ovinos não adaptados. Foram utilizados 12 ovinos mestiços Santa Inês, machos, providos de cânula ruminal, com 25 kg de P.V. e 8 m de idade, que nunca receberam rações concentradas, frutas ou raízes, anteriormente. Os animais foram mantidos em baias coletivas com dieta basal composta de volumoso (feno de capim Cynodon dactylon - Coast cross) na base de 2,...

  2. Estudo comparativo da cinética de degradação ruminal de forragens tropicais em bovinos e ovinos Comparative study of ruminal degradation kinetics of tropical forages in cattle and sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P.R.S.S. Campos

    2006-12-01

    Full Text Available Estimaram-se os parâmetros da cinética de degradação ruminal in situ da fibra em detergente neutro (DgFDN da cana-de-açúcar e das silagens de capim-elefante, de milho e de sorgo em diferentes tempos de incubação, tamanhos de partícula (1 e 2mm e espécies (ovinos e bovinos. A DgFDN foi obtida nos tempos de incubação: 3, 6, 12, 24, 36, 48, 72, 96, 120, 144 e 240 horas. A avaliação dos tamanhos de partículas e das espécies na degradabilidade foi realizada pelo teste de identidade de modelos de regressão não linear e interpretada pela análise de fatores. As taxas de degradação da FDN (k d também foram estimadas, matematicamente, utilizando-se apenas de dois tempos de incubação in situ (tempos 6 e 24h ou 6 e 36h. Os valores de k d estimados em 2 tempos ou 11 tempos de incubação foram comparados pelo teste t com arranjo em pares. Os valores de k d estimados com dois tempos de incubação, quando comparados com os valores obtidos em vários tempos de incubação mostraram-se similares (P>0,05. Em estudos da cinética de degradação ruminal in situ da FDN, ovinos não devem ser considerados modelos experimentais para bovinos, mas o tamanho de partícula do alimento incubado, de 1 ou 2mm, tem pouca influência nos parâmetros de degradação ruminal.The neutral detergent fiber degradability (NDFd of sugar-cane, and elephantgrass, corn, and sorghum silages were predicted by in situ method, with different time points, sample grind sizes (1 and 2mm and animal species (sheep and cattle. The feedstuffs were incubated at 3, 6, 12, 24, 36, 48, 72, 96, 120, 144, 240 hours. The effects of sample grind sizes and of the species in NDFd were analyzed through the test of identity of non-linear regression models and interpreted by factor analysis. The rates of degradation of NDF (k d were also estimated for two times of incubation in situ (times 6 and 24h or 6 and 36h, and they were compared to the k d values estimated at the in situ trial

  3. EFEITO DA SALINOMICINA NA PREVENÇÃO DA ACIDOSE LÁCTICA RUMINAL EXPERIMENTAL EM OVINOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adaucides Câmara

    2013-03-01

    Full Text Available The objective of this work was to study the effectiveness of salinomycin against the lactic acidosis induced in sheep, by analyzing its effects on the clinical situation, and the physico-chemical characteristics of the ruminal fluid. We used 14 crossbred Santa Ines sheep, weighing 30 Kg. They were rumen-fistulated and subdivided into two groups of 7 animals each: the control group and the group that received the drug in the diet at a concentration of 30 mg/Kg of food for 42 days. We established the clinical and laboratory values of the ruminal samples during this phase of the experiment. At the end of the adaptation period, both groups were challenged in a process of sucrose-induced lactic acidosis, at a dose of 10 g/Kg body weight. The clinical and laboratory observations were accomplished at intervals of 4h, 8h, 12h, 16h, 24h, 32h e 48h post-induction (PI. Control and treated sheep showed clinical signs of ruminal acidosis within eight hours after induction, associated with laboratory alterations with varied intensity between the studied groups. In the animals that received salinomycin, the magnitude of the process was minimized and the time of clinical recovery was shortened in relation to the control group.

  4. Unidade de estudos de mastites em pequenos ruminantes: estudos em ovinos de regime extensivo Small ruminant mastitis unity: studies on grazing ewes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.C. Queiroga

    2007-01-01

    Full Text Available A “Unidade de Estudo de Mastites em Pequenos Ruminantes”, formalmente constituída no âmbito do Programa Nacional de Re-equipamento Científico, da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, vem dar corpo ao trabalho de colaboração de diversas equipas de investigação que se têm debruçado sobre a problemática das infecções intramamárias em pequenos ruminantes, nos seus aspectos de saúde animal, saúde pública veterinária e qualidade e segurança alimentar. Tem como principal objectivo criar condições para o desenvolvimento de trabalhos de investigação e divulgação científica que contribuam para reduzir a prevalência de mastites em pequenos ruminantes e assim melhorar a produção e a qualidade do leite, favorecendo produtores de leite, produtores de queijo e consumidores. Entre os trabalhos já realizados pela equipa científica, destacam-se o isolamento e identificação de agentes etiológicos de mastite em ovelhas, o estudo de factores de virulência nas bactérias mais relevantes, o estudo dos mecanismos de infecção e a resposta imunológica local e sistémica do hospedeiro e outros estudos na área da epidemiologia. O estudo da etiologia e da fisiopatologia da mastite ovina, com o objectivo de compreender a modulação da resposta imunitária da glândula mamária, poderá contribuir para o desenvolvimento de métodos de controlo com base na estimulação da resposta imunitária, alternativos ao uso de antibióticos.The “Small Ruminant Mastitis Unit”, formally constituted in the scope of the Programa Nacional de Re-equipamento Científico, Science and Technology Foundation, gathers the collaborative work of several research groups that have been addressing the issue of small ruminants intramammary infections, related to animal health, veterinary public health and food safety and quality. Its main purpose is to generate an adequate environment for research and scientific communication that may contribute to

  5. DYNAMICS OF THE RUMINAL FERMENTATION IN SHEEP FEEDING WITH RATION CONTAINING DIFFERENT LEVELS OF CASHEW BY-PRODUCTS (Anacardium occidentale Efecto de la inclusion en los níveles crescentes del subproducto de caju (Anacardium occidentale L. en la dinámica de la fermentacion ruminal de ovinos DINÂMICA DA FERMENTAÇÃO RUMINAL EM OVINOS ALIMENTADOS COM RAÇÕES CONTENDO DIFERENTES NÍVEIS DE COPRODUTOS DE CAJU (Anacardium occidentale

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos Cláudio Rogério

    2009-07-01

    Full Text Available

    The study aimed to evaluate the inclusion of cashew by-product (Anacardium occidentale L. on the ammoniac nitrogen concentrations (N-NH3, pH and vollatile fatty acids concentrations (VFA of the ruminal fluid, in sheep that received diets containing the cited by-product. Twenty male, entire sheep had been distributed in four treatments with different levels of cashew by-product inclusion (zero; 19%; 38%; 52% in a randomized block design, in a split-plot project, having in the parcels the diets and the sub-parcels the times of collection (zero, two, five, eight hours after-feeding with five replications. PH was remained inside of the normal standards cited by same literature in the raised cashew by-product inclusions. Diets with zero and 52% had gotten the biggest concentrations of N-NH3. The molar ratio of the AGV in the ruminal liquid in the diets with cashew by-product was typical of rich diets in voluminous. The relation acetate: propionate was not affected by the inclusion of the cashew by-product. The inclusion of the cashew by-product in up to 19 % of the dietary total presented better resulted in that it says respect to the parameters analyzed in this work.

    KEY WORDS: Ammoniac nitrogen, Ovis aries, pH, parameters ruminate, ruminants, volatile fatty acids.

    El estudio apunto evaluar la inclusión del subproducto de caju (<em>Anacardium occidentaleem> en la concentración de nitrogeno amoniacal (N-NH3, el pH y las concentraciones de los acidos grasos vollatiles (AGV en el liquido ruminal de ovinos Palma forrageira em substituição ao feno de capim-elefante: efeito sobre consumo, digestibilidade e características de fermentação ruminal em ovinos Spineless cactus in replacement of elephantgrass hay: effect on intake, apparent digestibility and ruminal fermentation characteristics in sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Safira Valença Bispo

    2007-12-01

    Full Text Available Este experimento foi realizado com o objetivo de avaliar o efeito da substituição do feno de capim-elefante por palma forrageira (Opuntia ficus indica, Mill, como fonte de forragem, sobre o consumo e a digestibilidade aparente dos nutrientes e das características ruminais de carneiros. Cinco dietas isoproteícas foram formuladas, em que a palma forrageira substituiu 0, 14, 28, 42 e 56% do feno de capim elefante na dieta. Cinco ovinos machos não-castrados foram distribuídos em um delineamento em quadrado latino 5 x 5 (cinco períodos, cinco níveis de palma e cinco repetiç��es. Cada período experimental teve duração de 13 dias - sete para adaptação e seis dias para coleta de dados e amostras. Os consumos de MS, MO, EE, PB, CT, CNF e NDT aumentaram linearmente com a substituição do feno de capim-elefante por palma forrageira na dieta. O consumo de água diminuiu linearmente e o de FDN apresentou efeito quadrático com a substituição do feno de capim-elefante por palma forrageira na dieta. Os coeficientes de digestibilidade aparente de EE, PB, CNF e FDN não foram influenciados, enquanto os de MS, MO e CT aumentaram linearmente com a substituição do feno de capim-elefante por palma forrageira na dieta. O pH e a concentração de NH3 ruminal decresceram linearmente com a substituição do feno de capim-elefante por palma forrageira na dieta. A substituição do feno de capim-elefante por palma forrageira na dieta melhora a ingestão e o aproveitamento dos nutrientes.A study was conducted with the objective to evaluate the effects of replacing elephant-grass by spineless cactus (Opuntia ficus indica, Mill as a forage source on intake, apparent digestibility of the nutrients and of ruminal fermentation characteristics of sheep. Five iso-nitrogenous diets were formulated where spineless cactus replaced 0, 14, 28, 42 and 56% of elephantgrass in the diet. Five non-castrated male sheep were allotted to a 5 x 5 Latin square design

  6. Digestibilidade e balanço de nitrogênio de rações com diferentes teores de proteína degradável no rúmen e milho moído como fonte de amido em ovinos Digestibility and nitrogen balance of sheep diets containing different levels of ruminal degradable protein and ground corn

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lúcia Maria Zeoula

    2006-10-01

    Full Text Available O objetivo neste trabalho foi avaliar a digestibilidade aparente de rações com diferentes teores de proteína degradável no rúmen (PDR e fonte de amido de baixa degradabilidade ruminal (milho moído em ovinos. Utilizaram-se quatro ovinos castrados, sem raça definida (SRD, com peso vivo médio de 38,5 kg, em um delineamento experimental quadrado latino 4 x 4. As quatro rações experimentais utilizadas foram compostas de 75% de volumoso (feno de aveia e 25% de concentrado à base de milho moído (MM, farelo de soja (FS, farelo de algodão (FA, farinha de peixe (FP, uréia e sal mineral, compostas com quatro teores de PDR (46, 50, 54 e 58% de PDR nas rações. Determinaram-se a digestibilidade aparente total dos nutrientes e o balanço de nitrogênio nos animais alimentados com as rações experimentais. Os consumos de MS, MO, PB, amido, FDN e FDA não diferiram entre as rações testadas. Da mesma forma, o nitrogênio ingerido (NI, o N excretado nas fezes e na urina, em g/dia, o balanço de nitrogênio (%NI e os coeficientes de digestibilidade da MS, MO, PB, FDN e FDA não diferiram entre as rações experimentais, sendo estimados valores médios de 31,68; 6,34; 11,31 g/dia e 44,27% NI, respectivamente, e de 71,90; 73,00; 79,70; 61,10; e 52,00%, respectivamente. Independentemente dos teores de PDR em rações contendo milho como fonte de amido de baixa degradabilidade ruminal, não houve efeitos sobre a digestibilidade aparente dos nutrientes e o balanço de nitrogênio em ovinos.Four castrated sheep averaging 38.5 kg of body weight were randomly assigned to a 4 x 4 Latin square to evaluate the apparent digestibility of nutrients and nitrogen balance (NB on diets containing different levels of rumen degradable protein (RDP: 46, 50, 54, and 58% and ground corn. The four experimental diets were composed by 75% of forage (oat hay and 25% of concentrate containing ground corn (GC, soybean meal (SM, cottonseed meal (CM, fish meal (FM, urea, and

  7. Scrapie e seu diagnóstico diferencial em ovinos no Mato Grosso do Sul

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Héllen M. Martins

    2012-12-01

    Full Text Available Scrapie é uma doença infecciosa, neurodegenerativa fatal, causada pelo príon scrapie (PrPsc. Apresenta-se tanto na forma clássica em ovinos e caprinos geneticamente susceptíveis quanto na forma atípica em ovinos. A primeira notificação oficial do Brasil à Organização Mundial de Saúde Animal (OIE, um caso da forma clássica diagnosticado no Rio Grande do Sul ocorreu em 1985, mas a doença já havia sido diagnosticada no mesmo Estado em 1978. Este trabalho objetivou descrever dois surtos de Scrapie em ovinos em Mato Grosso do Sul (MS, Brasil e investigar, por meio de imuno-histoquímica (IHQ a presença de PrPsc no Sistema Nervoso Central (SNC de ovinos examinados entre 2003 e 2010. Na primeira parte observaram-se dois ovinos com sinais clínicos típicos de scrapie, detalhando-se os sinais neurológicos, dados epidemiológicos, histopatológicos e amostras teciduais em duplicata desses ovinos foram encaminhadas para realização de diagnóstico de Raiva e para diagnóstico IHQ para príon. Na segunda parte realizou-se levantamento de laudos de necropsia e diagnósticos histopatológicos de ovinos, no período de maio de 2003 a março de 2010. Amostras de sistema nervoso central de 51 casos foram selecionados, incluindo os dois já com diagnóstico de Scrapie mencionados acima; os tecido de todos esses ovinos foram submetidos à IHQ para detecção de proteína priônica. Os 49 ovinos avaliados apresentaram resultado negativo na IHQ para príon.

  8. Emergência e desenvolvimento de mudas de tomate IPA 6 em substratos, contendo esterco ovino

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Enio Gomes Flôr Souza

    2013-12-01

    Full Text Available A busca por substratos alternativos, que possam substituir produtos comerciais na produção de mudas de tomate, é de fundamental importância para a redução dos custos nessa fase inicial da cultura. Objetivou-se, com esta pesquisa, avaliar a qualidade de mudas de tomate industrial IPA 6, produzidas com substratos à base de esterco ovino. O experimento foi conduzido em viveiro da Universidade Federal Rural de Pernambuco, Unidade Acadêmica de Serra Talhada, de 16 de fevereiro a 30 de março de 2012. Utilizou-se o delineamento inteiramente casualizado, com quatro repetições. Os tratamentos avaliados foram: T1 - [substrato comercial]; T2 - [esterco ovino + areia (1:1]; T3 - [esterco ovino + areia (2:1]; T4 - [esterco ovino + areia (3:1]; T5 - [esterco ovino + solo (1:1]; T6 - [esterco ovino + solo (2:1]; T7 - [esterco ovino + solo (3:1]; T8 - [esterco ovino + areia + solo (1:1:1];T9 - [esterco ovino + areia + solo (2:1:1]; T10 - [esterco ovino + areia + solo (3:1:1]. Os indicadores de emergência avaliados foram: percentagem, índice de velocidade e tempo médio de emergência. Analisaram-se as seguintes características de desenvolvimento: número de folhas, altura de plântula, diâmetro de caule, comprimento de raízes, massa da matéria seca da parte aérea e das raízes. O substrato comercial proporcionou melhor vigor de mudas de tomate IPA 6. Por outro lado, o uso do esterco ovino mais solo (2:1, para compor substratos alternativos constituiu-se opção viável para a produção de mudas desse cultivar.

  9. Manifestações clínicas da cetose nervosa induzida por isopropanol em ovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina Akiko Sato Cabral Araújo

    2013-12-01

    Full Text Available Doze ovelhas hígidas, não prenhes e não lactentes foram submetidas a um protocolo de indução experimental de cetose nervosa para a avaliação de sintomatologia nos quadros de cetose e Toxemia da Prenhez. Neste protocolo, oito animais foram submetidos a infusão de 150 mL de solução de isopropanol a 35% na veia jugular, constituindo o grupo Tratado (GT, e quatro ovinos foram tratados identicamente com solução salina isotônica (NaCl 0,9%, constituindo o grupo Controle (GC no decorrer de 40 minutos. Os animais do GT apresentaram aumento da frequência cardíaca (FC aos 40 minutos de infusão e redução no movimento ruminal a partir dos 10 minutos de infusão com isopropanol, o qual permaneceu diminuído ate 10 minutos do termino da infusão. A atonia ruminal ocorreu em três animais, que manifestaram em seguida leve meteorismo gasoso. A infusão de isopropanol provocou o surgimento de sintomas nervosos como, depressão e sonolência, cambaleios, adução de membros posteriores, pressão da cabeça em obstáculo, ranger de dentes e cegueira quase sempre acompanhada de diminuição do reflexo pupilar e nistagmo. Todos os animais exalaram forte odor cetótico com poucos minutos do inicio da indução, fato que ajudou a eliminação do isopropanol do organismo. Os presentes resultados sugerem que parte dos sintomas nervosos verificados na Toxemia da Prenhez possa ser oriunda da ação do isopropanol. Estes resultados abrem novas perspectivas para o melhor entendimento da patogenia da Toxemia da Prenhez em ovinos.

  10. Intoxicação por Erythroxylum deciduum (Erythroxylaceae em ovinos Poisoning by Erythroxylum deciduum (Erythroxylaceae in sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edson Moleta Colodel

    2004-09-01

    Full Text Available Este trabalho descreve os aspectos epidemiológicos, clínicos e patológicos da intoxicação natural pelos frutos de Erythroxylum deciduum ("cocão" em ovinos, que ocorreu de janeiro a março de 2004, no município de Lagoa Vermelha, RS. A doença foi reproduzida pela administração dos frutos de E. deciduum por via oral a 5 ovinos. Destes, três adoeceram e morreram. Os frutos de E. deciduum foram tóxicos em dose única de 60g/kg ou quando fracionado em pelo menos 4 doses de 17 g/kg a cada 12 horas. Os principais sinais clínicos nos animais intoxicados natural e experimentalmente, foram neurológicos e caracterizados por ataxia, hiperexcitabilidade e tremores musculares que se pronunciavam durante o manejo. Próximo à morte, os ovinos apresentavam dispnéia com respiração abdominal e cianose. Na necropsia as alterações mais importantes, em 6 casos de intoxicação espontânea e os 3 ovinos experimentalmente intoxicados, foram edema e congestão pulmonar acentuada e a presença de frutos ou sementes de E. deciduum no conteúdo ruminal. Histologicamente, exceto edema e congestão pulmonar, não foram encontradas outras alterações significativas.The epidemiological, clinical and pathological aspects of natural poisoning caused by Erythroxylum deciduum fruits in sheep are reported. The outbreak occurred from January to March of 2004, in Lagoa Vermelha county, state of Rio Grande do Sul, Brazil. The poisoning was experimentally reproduced by oral administration of E. deciduum fruits to 5 sheep.Three of them developed neurological signs and died. Poisoning was caused with a single dose of 60g/kg or when the dosage was fractioned into at least 4 doses of 17 g/kg given every 12 hours. The main clinical signs in natural and experimentally poisoned sheep were ataxia, hyperexcitability and muscular tremors which where more pronounced when the animals were moved. At the final stage, dyspnea with abdominal breathing and cyanosis was observed

  11. Toxicidade do pericarpo da Jatropha curcas em ovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    O.R. Ferreira

    2012-06-01

    Full Text Available O pinhão manso (Jatropha curcas é uma planta cultivada para a produção de biocombustível. O pericarpo é um coproduto com potencial para alimentação animal, e a presença de componentes tóxicos, principalmente ésteres de forbol, pode limitar sua utilização. Assim, objetivou-se avaliar a toxicidade do pericarpo. Vinte ovinos foram distribuídos em quatro grupos - um grupo-controle, que não recebeu a planta, e três experimentais, que receberam o pericarpo nas concentrações de 15% (G15, 30% (G30 e 45% (G45, durante 23 dias. Após o 10º dia, a ingestão do pericarpo promoveu redução do consumo de alimento, diarreia, desidratação e caquexia. Todos os grupos tratados apresentaram redução na concentração de fosfatase alcalina. Animais do G30 apresentaram redução na concentração de ureia e proteínas totais e elevação de potássio e sódio. No G45, houve aumento de aspartato aminotransferase, albumina, creatinina bilirrubina indireta e total. A avaliação anatomo-histopatológica revelou ascite, hidropericárdio, congestão no trato gastrintestinal e nos pulmões, edema pulmonar, aderências à parede torácica, degeneração hepática centrolobular e das células tubulares renais, pneumonia linfo-histiocitica e enterite linfoplasmocitária e histiocítica. À análise fitoquímica, constatou-se 0,3845mg de ésteres de forbol/g de pericarpo. Conclui-se que o pericarpo de J. curcas é tóxico, não sendo recomendado para alimentação de ovinos.

  12. Efeito da inclusão de nitrato na dieta sobre a fermentação ruminal, a emissão de metano entérico e o desempenho de ovinos

    OpenAIRE

    Hani Mohammed Mohammed El-zaiat

    2013-01-01

    Objetivou-se avaliar os efeitos da inclusão de nitrato encapsulado na dieta sobre a fermentação ruminal, a emissão de metano enterico e o desempenho de ovinos. Foram utilizados 18 cordeiros Santa Inês (peso vivo médio de 27 ± 5,55 kg) designados em blocos casualizados por peso, sendo oferecida uma dieta 40:60 feno/concentrado, como dieta basal e alocados a um dos seguintes tratamentos: dieta controle (dieta basal com 1,50% de uréia), Nitrato (dieta basal com 4,51% nitrato encapsulado) e Nitra...

  13. Intoxicação aguda por cobre em ovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcele Bettim Bandinelli

    2013-10-01

    Full Text Available Descrevem-se casos de intoxicação aguda por cobre em ovinos da raça Santa Inês, numa propriedade rural, no Rio Grande do Sul. Três ovelhas recém-paridas, que consumiam ração formulada para bovinos, ingeriram, avidamente, sal mineral comercial para bovinos e apresentaram doença clínica e morte, uma semana após a introdução do sal. Os animais desenvolveram anorexia, permaneceram em decúbito lateral, o qual evoluiu para esternal e apresentaram fasciculação e rigidez muscular generalizada, antes de morrerem. À necropsia de um desses animais, as principais alterações foram hepatomegalia moderada e acentuação do padrão lobular hepático, além de erosões e ulcerações multifocais aleatórias na mucosa abomasal. Na avaliação histológica do fígado, havia necrose hepatocelular centrolobular acentuada e difusa, tumefação de hepatócitos, predominantemente, na região periportal, além de pequena quantidade de células de Kupffer com pigmento granular citoplasmático. O diagnóstico baseou-se na história clínica, nos achados de necropsia e histopatológicos e confirmou-se pelas altas concentrações de cobre detectadas no tecido hepático e nas amostras de ração e sal mineral.

  14. Intoxicação em ovinos por Nierembergia veitchii: observações em quatro surtos Poisoning in sheep by Nierembergia veitchii: observations in four outbreaks

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Ricardo Rissi

    2007-10-01

    Full Text Available Foram observados casos de morte súbita e doença crônica e caquetizante em ovinos provenientes de quatro rebanhos localizados em três municípios do Rio Grande do Sul, Brasil, entre junho de 2001 e maio de 2006. De uma população total sob risco de 460 ovinos, 43 foram afetados, 29 morreram espontaneamente e 10 foram eutanasiados. Treze ovinos, provenientes dos Surtos 1 e 4, apresentaram morte súbita e grande quantidade de espuma branca na cavidade nasal e oral e 30 ovinos, provenientes dos Surtos 2 e 3, apresentaram doença crônica com perda de peso, relutância em se movimentar, andar rígido, abdômen retraído e cifose. Doze ovinos foram necropsiados. Lesões de necropsia incluíam má condição da carcaça, com depleção dos depósitos de gordura, e mineralização de vários tecidos. Havia evidente rigidez das grandes artérias, que apresentavam superfície intimal irregular e dura, com múltiplas placas irregulares brancas e opacas. Áreas semelhantes de mineralização também eram observadas no endocárdio valvar ou mural, nas serosas uterina, omasal, ruminal e reticular e no parênquima renal. Em seis ovinos havia moderado a acentuado edema pulmonar e em sete ovinos havia áreas multifocais ou coalescentes, brancas e duras, na superfície subpleural dos pulmões. Histologicamente havia mineralização sistêmica dos tecidos, caracterizada por fina granulação basofílica em vários órgãos. Nas artérias, a mineralização era observada principalmente na túnica média e freqüentemente havia proliferação intimal e ocasional metaplasia condróide ou óssea da média. Em sete ovinos foi observada mineralização dos vasos da rete mirabile carotídea. No miocárdio e no pulmão, podiam ser observados focos de calcificação e metaplasia óssea em cardiomiócitos e septos alveolares, respectivamente. Em cada uma das propriedades onde ocorreram os casos havia infestação da pastagem por Nierembergia veitchii.Sudden death and

  15. Intoxicação experimental por Indigofera suffruticosa em caprinos e ovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anna P.M. de Figueiredo

    2012-02-01

    Full Text Available Indigofera suffruticosa é uma planta invasora, ção. Em um caprino e um ovino foram realizados os testes que causa anemia hemolítica com hemoglobinúria em bo-de fragilidade osmótica, determinação de hemoglobina e vinos e, experimentalmente, anemia sem hemoglobinúria metemoglobina e pesquisa de corpúsculos de Heinz. Foi em cobaios. O objetivo deste trabalho foi determinar a comprovado que em caprinos e ovinos, I. suffruticosa cautoxicidade de I. suffruticosa para caprinos e ovinos. Par-sa anemia hemolítica sem hemoglobinúria com formação tes aéreas da planta foram administradas a seis caprinos de corpúsculos de Heinz. Os animais recuperaram-se da e quatro ovinos em doses diárias de 10, 20 e 40g por kg anemia, total ou parcialmente, mesmo com a continuidade de peso vivo, durante períodos de 2 a 24 dias. Foram ava-da administração da planta. Oito a 12 horas após a coleliados os parâmetros hematológicos (hematócrito, níveis ta observa-se pigmento azulado na urina. Sugere-se que o de hemoglobina e contagem de hemácias e foi coletada pigmento seja anilina ou algum metabolito dessa substânurina para urinálise e observação de variações na coloracia e que a anilina seja o princípio ativo responsável pela hemólise causada por I. suffruticosa.

  16. Chronic cardiomyopathy and encephalic spongy changes in sheep experimentally fed Ateleia glazioviana Miocardiopatia crônica e degeneração esponjosa do encéfalo em ovinos intoxicados experimentalmente por Ateleia glazioviana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Margarida Buss Raffi

    2006-12-01

    Full Text Available Fifteen mature crossbred sheep were fed different daily amounts (2.5-35g kg-1 bw of the fresh green leaves of Ateleia glazioviana for different periods of time (1-24 days. One sheep was not fed the plant and served as a control. All 16 sheep were euthanatized at different stages of the experiment, necropsied, and several organs, including heart and brain were evaluated histologically. Samples of five brain regions from three affected sheep were evaluated by electron microscopy. Clinical signs observed in three sheep included depression, anorexia, general weakness, staggering gait and prolonged recumbency. One sheep had signs of congestive heart failure. Necropsy findings included subcutaneous dependent edema and edema of the body cavities in two sheep and nutmeg liver in one. Histopathological findings included degeneration, necrosis and interstitial fibrosis in the myocardium of four sheep and vacuolation of cerebral white matter (spongy degeneration, status spongiosus in 10 sheep, although this latter change were marked only in two of those 10. The ultrastructure of the brain lesion was morphologically consistent with that found in diseases grouped as spongiform myelinopathies in which vacuolation of the myelin occurs in the absence of significant myelin breakdown or phagocytosis. The morphology and pathogenesis of the chronic cardiomyopathy and of the cerebral spongy degeneration in affected sheep in this experiment are discussed and compared with other similar conditions in domestic ruminants.Quinze ovinos mestiços adultos receberam quantidades variáveis (2,5-35g kg-1 pv, por via oral, das folhas verdes frescas de Ateleia glazioviana durante períodos de tempo que variaram de 1 a 24 dias. Um ovino não recebeu a planta e serviu como controle. Todos os 16 ovinos foram submetidos à eutanásia em diferentes estágios do experimento, necropsiados, e vários órgãos, incluindo coração e encéfalo, foram avaliados histologicamente

  17. Intoxicação experimental por Niedenzuella stannea (Malpighiaceae em ovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flávio H.B. Caldeira

    Full Text Available RESUMO: Niedenzuella stannea é uma planta que contém monofluoracetato de sódio e é incriminada como causa de morte súbita em bovinos na Região Sul do Estado de Mato Grosso. Este estudo descreve a toxidez e achados clínicos e patológicos da intoxicação experimental por N. stannea em ovinos. Foram utilizados no experimento, frutos, folhas maduras e folhas jovens de N. stannea coletadas em propriedades as margens de afluentes das bacias hidrográficas do Rio Araguaia onde havia histórico de morte súbita em bovinos. Folhas maduras em doses entre 10 e 40g/kg e frutos na dose de 10 g/kg não causaram alterações clínicas. Alterações clínicas foram observadas em ovinos que receberam a partir de 5g/kg de folhas jovens em dose única e a morte ocorreu nos que receberam a partir de 30g/kg. A toxicidade na dose de 30g/kg se manteve após a secagem da planta. Os principais sinais clínicos foram anorexia, apatia, dispneia, arritmia e taquicardia em evolução clínica que variou de 16 às 20h. Notou-se em uma fase terminal hiperaguda, com evolução de 13 a 20 min., relutância ao movimento, micção frequente, jugular ingurgitada, pulso venoso evidente, tremor muscular, decúbito esternal e decúbito lateral e morte. Na necropsia os principais achados foram ingurgitamento de grandes veias, das aurículas do coração e edema pulmonar. Microscopicamente a principal alteração ocorreu no rim e caracterizou-se por degeneração hidrópico-vacuolar no citoplasma de epitélio de túbulos contorcidos distais. Conclui-se que N. stannea na fase de brotação é tóxica para ovinos e que a intoxicação por esta planta deve ser incluída no diagnóstico diferencial das doenças com curso clínico hiperagudo ou morte súbita em ovinos em regiões onde a planta existe.

  18. Intoxicação experimental por folhas de Crotalaria pallida (mucronata em ovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanessa Borelli

    Full Text Available RESUMO: Descrevem-se o quadro clínico, patológico e o potencial tóxico das folhas verdes de Crotalaria pallida em ovinos. Para o experimento folhas verdes de C. pallida foram coletadas no município de São João do Sul em Santa Catarina e administradas por via oral para seis ovinos adultos, em doses únicas de 40, 20, 10, 5, 2,5 e 2,5g/kg, e para dois ovinos, em doses diárias de 0,63 e 1,25g/kg durante 30 dias. Reproduziu-se a intoxicação com doses letais a partir de 2,5g/kg. Um dos ovinos que recebeu a dose única de 2,5g/kg e os que receberam as doses diárias, não adoeceram. Todos os ovinos que apresentaram sinais clínicos morreram entre 13 e 22 horas após a administração das folhas. Sinais clínicos leves como fezes pastosas, inquietação e aumento das frequências cardíaca e respiratória tiveram início cerca em 11 horas após a ingestão da planta. Minutos antes da morte observaram-se dispneia intensa com respiração abdominal pronunciada. As principais lesões macroscópicas foram restritas à cavidade torácica, como hidrotórax e edema pulmonar acentuado. O exame microscópico revelou no pulmão, edema acentuado e difuso na superfície pleural, nos espaços interlobulares e ao redor das artérias peribronquiais e peribronquiolares. Edema multifocal foi observado no interior de alvéolos e ao redor de brônquios e bronquíolos, além de leve infiltrado neutrofílico multifocal. O quadro clínico-patológico da intoxicação experimental foi similar ao observado na intoxicação espontânea e caracterizou-se por edema iulmonar acentuado e morte logo após o início dos sinais clínicos.

  19. Aspectos clínicos e laboratoriais em ovinos submetidos a dietas com níveis elevados de enxofre com objetivo de indução de polioencefalomalácia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diego J.Z. Delfiol

    2013-04-01

    Full Text Available A polioencefalomalacia (PEM é uma doença neurológica que acomete ruminantes e pode ser desencadeada por diversos fatores, dentre eles o consumo excessivo de enxofre. Este trabalho teve como objetivo verificar a relação entre dietas ricas em enxofre, altos níveis de gás sulfídrico ruminal e a ocorrência de polioencefalomalácia em ovinos. Foram utilizados 18 ovinos, divididos em três grupos (G1, G2 e G3 que receberam diferentes níveis de enxofre na dieta; 0,2%, 0,9% e 1,2%, respectivamente. Exames físicos (frequência cardíaca, frequência respiratória, temperatura retal e motricidade ruminal e complementares (concentração de sulfeto de hidrogênio ruminal, hemogasometria venosa, pH do fluído ruminal, concentração de cobre sérico e hepático, tomografia computadorizada, necropsia e histopatologia foram realizados. A temperatura retal, a hemogasometria venosa e o pH do fluido ruminal permaneceram dentro dos valores de referência para a espécie. A motricidade ruminal estava diminuída nos grupos G2 e G3 em comparação com o G1 (controle. Quanto maior a ingestão de enxofre, menores foram os níveis de cobre sérico e hepático. Valores elevados de sulfeto de hidrogênio ruminal foram detectados nos grupos G2 e G3. Nenhum animal apresentou sinais clínicos de PEM. Nos exames de tomografia computadorizada, necropsia e exame histopatológico do sistema nervoso central (SNC, não foram observadas alterações compatíveis com PEM. É provável que algum outro fator esteja associado ao excesso de enxofre na dieta para o desenvolvimento de PEM em ovinos.

  1. Doenças da cavidade nasal em ruminantes no Brasil Diseases of the nasal cavity of ruminants in Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roseane de A Portela

    2010-10-01

    Full Text Available Este trabalho descreve as doenças das fossas nasais diagnosticadas em ruminantes no Hospital Veterinário da Universidade Federal de Campina Grande, em Patos, Paraíba, nos anos de 2003-2009. No período foram registrados três diagnósticos de doenças das fossas nasais de bovinos, três em caprinos e nove em ovinos (de um total de 404 diagnósticos em bovinos, 330 em caprinos e 338 em ovinos. Descrevem-se um caso de rinite atópica em bovinos, sete surtos de conidiobolomicose e dois de pitiose rinofacial em ovinos, dois casos de prototecose e um de aspergilose nasal em caprinos e um mixoma e um fibrossarcoma em bovinos. Adicionalmente, é realizada uma revisão de outras doenças das fossas nasais de ruminantes descritas em outras regiões do Brasil, incluindo oestrose, rinosporidiose, carcinoma epidermóide e tumor etmoidal enzoótico.This paper reports diseases of the nasal cavity diagnosed in ruminants in the Veterinary Hospital of the Federal University of Campina Grande, in Patos, state of Paraiba, northeastern Brazil, from 2003 to 2009. During that period three cases or outbreaks of diseases of the nasal cavity were reported in cattle, three in goats and nine in sheep (out of 404 diseases diagnosed in cattle, 330 in goats, and 338 in sheep. At all are reported one case of atopic rhinitis in cattle, seven outbreaks of conidiobolomycosis and two outbreaks of rhinofacial pythiosis in sheep, two cases of protothecosis and one of nasal aspergillosis in goats, and a myxoma and a fibrosarcoma in cattle. Additionally, other diseases of the nasal cavity reported in Brazil are reviewed, including oestrosis, rhinosporidiosis, squamous cell carcinoma, and enzootic ethmoidal tumor.

  2. Paratuberculose em caprinos e ovinos no Brasil Paratuberculosis in goats and sheep in Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diego M. Oliveira

    2010-01-01

    Full Text Available Este trabalho relata, pela primeira vez no Brasil, no Estado da Paraíba, paratuberculose em dois rebanhos com criação conjunta de caprinos e ovinos. Na Fazenda 1, de um rebanho de 33 caprinos e 13 ovinos, uma cabra adulta apresentou emagrecimento progressivo por aproximadamente um ano e fezes pastosas um mês antes da morte. Todos os animais do rebanho foram tuberculinizados com a prova comparativa. Um ovino (2,2% teve resultado positivo à tuberculina aviar e em dois o teste foi inconclusivo. Na Fazenda 2, com 200 ovinos e 80 caprinos, foi afetada uma ovelha adulta que apresentou emagrecimento progressivo por aproximadamente um ano e fezes pastosas por aproximadamente 20 dias. Todos os ovinos com mais de 4 meses de idade e 23 caprinos foram tuberculinizados com tuberculina aviar; em 47 (25,4% o resultado foi positivo, em 115 (61,5% inconclusivo e em 25 (13,4% negativo. Entre as cabras não houve nenhuma positiva à tuberculina aviar, mas em 11 (47,8% o teste foi inconclusivo e em 12 (52,2% foi negativo. Na necropsia dos dois animais com sinais clínicos os linfonodos mesentéricos estavam aumentados de tamanho e edemaciados. O ovino afetado da Fazenda 2, apresentou espessamento e enrugamento da mucosa do intestino, principalmente no íleo e válvula íleo-cecal. Microscopicamente o caprino e o ovino com sinais clínicos apresentaram lesões semelhantes, caracterizadas por granulomas com predominância de macrófagos espumosos, na lâmina própria e submucosa do intestino e linfonodos mesentéricos. O ovino positivo à tuberculina e um caprino negativo na Fazenda 1 foram eutanasiados e apresentaram discreto espessamento da mucosa do íleo. Na histologia foi observado infiltrado preferentemente linfocítico. Em todos os casos dentro de macrófagos e linfócitos havia bacilos ácool-ácidos resistentes, positivos na imunohistoquímica para Mycobacterium spp. Sugere-se a necessidade de estudar a prevalência de paratuberculose em rebanhos de

  3. Infecção disseminada por Chlorella sp. em um ovino

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Everton Ferreira Lima

    2014-07-01

    Full Text Available Descreve-se um caso de infecção disseminada por Chlorella sp. em um ovino, na região semiárida da Paraíba, Brasil. O animal apresentou emagrecimento e aumento de volume abdominal há um mês. Na necropsia, foram observados nódulos esverdeados em fígado, pulmões, intestino e linfonodos. Histologicamente, os nódulos correspondiam a piogranulomas com miríades de algas intralesionais. Provavelmente, a infecção tenha ocorrido em consequência do consumo de água estagnada ou capim que tinha sido cortado em uma área irrigada, que são condições frequentes no período da seca na região semiárida.

  4. Consumo e digestibilidade de dietas contendo feno de jitirana para ovinos em terminação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Cézar da Silva

    2017-02-01

    Full Text Available A jitirana é encontrada em abundância na região semiárida do Nordeste brasileiro, conferindo durante o período chuvoso elevada produção de fitomassa e satisfatório teor de nutrientes, o que a credencia como alimento alternativo para ruminantes. Dessa forma, avaliou-se o efeito da substituição de 0; 25; 50 e 75% do feno de capim-tifton 85 pelo feno de jitirana (FJ sobre o consumo e digestibilidade em dietas para ovinos, distribuídos em delineamento de quadrado latino 4 x 4 duplo, com oito ovinos. O consumo de matéria seca (CMS e nutrientes foram influenciados (P<0,05 pela inclusão do FJ à dieta, com exceção do consumo fibra em detergente neutro (CFDN em g por animal por dia, com média 682,76 ± 125,13. O CMS elevou-se linearmente (P<0,05 em 6,33 g por unidade percentual do FJ acrescido. Houve efeito linear positivo (P<0,05 para consumo de proteína bruta (CPB e CFDN, com elevação de 1,11 g por animal por dia e 0,02% do peso corporal, respectivamente, por unidade percentual de FJ incluso. Houve efeito positivo na digestibilidade da fibra em detergente neutro (DFDN que resultou em elevação linear (P<0,05 de 0,14%. O FJ em substituição ao feno de capim-tifton 85 eleva o consumo de matéria seca (MS e nutrientes, mas não influencia a digestibilidade destes, a exceção da DFDN, com recomendação de uso para 75% de substituição, por permitir atendimento às exigências nutricionais quanto à ingestão de MS, proteína bruta (PB, e elevar a DFDN.Intake and digestibility of diets containing jitirana hay for finishing sheepAbstract: Jitirana is found in semiarid region of brazilian northeastern, giving high biomass production and satisfactory nutrient content during the rain season that qualifies as alternative feed for ruminants. Thus, it was evaluated the substitution effect of 0; 25; 50 and 75% of tifton 85 hay to jitirana hay (JH on intake and digestibility of diets for sheep, randomized in double 4 x 4 latin square design

  5. Efecto de la administración de líquido ruminal fresco sobre algunos parámetros productivos en ovinos criollos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Rodríguez M.

    2011-12-01

    Full Text Available Objetivo. Evaluar el efecto de la administración de líquido ruminal fresco (LRF de bovino sobre la ganancia de peso, bioactividad ruminal y pH ruminal en ovinos. Materiales y métodos. Se utilizaron nueve ovinos destetados con edades y pesos homogéneos, distribuidos de forma aleatoria en tres grupos, a los cuales se les suministró trestratamientos diferentes: tratamiento 1, 400 ml de LRF; tratamiento 2, 200 ml de LRF y tratamiento 3 como control (sin LRF. El LRF se administro vía oral, usando una dosis única al inicio del estudio. Para la evaluación de los parámetros, se inició con una mediciónel día 0 y luego se realizaron mediciones cada 15 d durante un periodo de 60 d. Para el análisis estadístico se realizó ANOVA y las diferencias se comprobaron mediante el test de comparación de medias de Tukey. Resultados. El promedio de la ganancia de peso diario, fue de 194.4 y 169.4 g/d en los animales tratados con 400 y 200 ml deLRF, respectivamente y de 157.8 g/d en los animales que no recibieron LRF, siendo estas diferencias estadísticamente no significativas (p>0.05. La bioactividad ruminal presentó cambios significativos tras la administración de 400 ml de LRF (p<0.05. El pH solo mostró cambios significativos en la medición realizada a los 15 d postadministración de 400 ml de LRF. Conclusiones. La administración de LRF no provocó aumentos significativos sobre la ganancia diaria de peso, no obstante, mostró efectos favorables sobre la bioactividad ruminal.

  6. Dermatite alérgica sazonal em ovinos Seazonal allergic dermatitis in sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tatiana Mello de Souza

    2005-04-01

    Full Text Available Descreve-se um surto de dermatite alérgica sazonal em ovinos nos municípios de São Vicente do Sul e Jaguari, Rio Grande do Sul. Os ovinos afetados não tinham raça definida e pertenciam a diversas categorias. As lesões eram vistas principalmente na cabeça (orelhas e ao redor dos olhos, focinho e lábios, úbere, porção distal dos membros e abdômen ventral. Dois padrões de lesão foram encontrados; num padrão agudo havia acentuado eritema associado à grande quantidade de pápulas, pústulas, colaretes epidérmicos e crostas; no padrão crônico, áreas liquenificadas, ulceradas, exsudativas, crostosas, alopécicas e, por vezes, sangrantes, eram vistas nos mesmos locais. Microscopicamente, os ovinos mais recentemente afetados demonstravam dermatite perivascular superficial eosinofílica, já os animais com lesões mais antigas apresentavam dermatite perivascular superficial linfo-histioplasmocitária.An outbreak of acute seasonal allergic dermatitis is described in sheep from the municipalities of São Vicente do Sul and Jaguari, Rio Grande do Sul, Brazil. Affected sheep were crossbreeds of different categories. Skin lesions were observed mainly in the head (ears and around the eyes, muzzle, and lips, mammary gland, distal portions of the limbs and ventral abdomen. Two lesion patterns were found; an acute pattern showed marked erythema associated with numerous papules, pustules, epidermal colarettes, and crust; in a chronic pattern the same anatomical sites had lichenified, ulcerated, exudative, crusted, and alopecic areas, which were occasionally hemorrhagic. Microscopically, sheep that were recently affected had perivascular eosinophilic dermatitis; in the skin of more chronically affected sheep there was superficial lymphocytic and histioplasmocytic perivascular dermatitis.

  7. Dermatite alérgica sazonal em ovinos deslanados no nordeste do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roseane de A. Portela

    2012-06-01

    Full Text Available Dermatite alérgica sazonal foi diagnosticada em um rebanho de 40 ovinos da raça Santa Inês no município de Jucurutú, Estado de Rio Grande do Norte. Para o estudo epidemiológico e observação dos sinais clínicos a propriedade foi visitada periodicamente entre 2007 e 2010. Os ovinos eram criados extensivamente em campo nativo cortado pelo rio Piranhas e com um açude permanente. Entre 2007 e 2009 adoeceram 13 (32,5% ovinos de um total de 40. As lesões eram observadas durante a época da chuva e regrediam total ou parcialmente durante a seca, reaparecendo no próximo período chuvoso. Os animais que foram retirados da área se recuperaram. No final de 2009 foram eliminados os animais susceptíveis e três novos casos apareceram em 2010. A pele apresentava lesões alopécicas, crostosas, enrugadas, esbranquiçadas e com intenso prurido, localizados na região da cabeça (orelhas, ao redor dos olhos e região frontal, região dorsal do corpo e garupa. Histologicamente, a epiderme apresentou hiperqueratose, acantose, hipergranulose e moderada espongiose. Na derme havia infiltrado inflamatório, principalmente perivascular, composto por eosinófilos, macrófagos e plasmócitos. Observou-se queratose de folículos pilosos e dilatação das glândulas sudoríparas. No hemograma, os valores de todos os animais estavam dentro dos valores normais. Em abril e junho de 2010 foram realizadas capturas de insetos com armadilhas luminosas CDC, sendo 110 dípteros capturados, dos quais 43 foram identificados como Culicoides insignis Lutz. Considerando que esta espécie tem sido associada à dermatite alérgica em outras regiões conclui-se que a doença é uma dermatite alérgica sazonal associada à picada de C. insignis.

  8. Meningoencefalite por Listeria monocytogenes em ovinos Meningoencephalitis in sheep caused by Listeria monocytogenes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel R. Rissi

    2010-01-01

    Full Text Available São descritos sete casos de doença neurológica em ovinos por Listeria monocytogenes no Rio Grande do Sul e Paraná entre 2000 e 2007. Foram afetados ovinos com idades entre 12-24 meses. Os casos ocorreram no verão e início da primavera e os índices gerais de morbidade e letalidade foram de 3,15% e 100%, respectivamente. Quando essa informação estava disponível, nenhum dos ovinos afetados era alimentado com silagem. Em três propriedades havia contato próximo dos ovinos afetados com outras espécies. A evolução do quadro clínico foi de 12 horas a três dias e os sinais clínicos foram caracterizados por decúbito (7/7, desvio da cabeça (4/7, incoordenação (3/7, depressão (3/7, andar em círculos (2/7, cegueira unilateral, emagrecimento progressivo, febre, midríase, movimentos de pedalagem, nistagmo lateral, opistótono, paralisia flácida dos membros pélvicos ou dos quatro membros, salivação excessiva e tremores (1/7 cada. Histologicamente observou-se encefalite com microabscessos, predominantemente unilateral com variáveis graus de gliose e alterações degenerativas como esferóides axonais e infiltração de células Gitter. As lesões se estendiam desde a medula oblonga até o mesencéfalo. Antígenos de Listeria monocytogenes foram detectados por imuno-histoquímica em seções de tronco encefálico de todos os ovinos afetados. O diagnóstico foi realizado com base nos achados epidemiológicos e clinico-patológicos, e confirmado pela imuno-histoquímica (IHQ utilizando anticorpo policlonal anti-L. monocytogenes.Seven cases of neurological disease in sheep caused by Listeria monocytogenes in Rio Grande do Sul and Paraná state, southern Brazil are described. The cases occurred between 2000 and 2007 and 12-24-month-old sheep were affected. Overall morbidity and lethality rates were 3.15% and 100%, respectively. Cases occurred in the summer and early spring. When this information was available, affected sheep had not been

  9. Intoxicação natural por Amaranthus spinosus (Amaranthaceae em ovinos no Sudeste do Brasil Amaranthus spinosus (Amaranthaceae poisoning in sheep in southern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Vargas Peixoto

    2003-12-01

    Full Text Available No Estado do Rio de Janeiro descreve-se um surto de intoxicação aguda por Amaranthus spinosus em 12 ovelhas, caracterizado clinicamente por hálito urêmico, ausência de movimentos ruminais, dispnéia e aborto. Os animais foram colocados em um pasto adubado e severamente invadido pela planta. A necropsia realizada em seis ovinos revelou rins pálidos, em geral, com estriações esbranquiçadas desde o córtex até a medula; em um animal verificaram-se diversos infartos sob forma de figuras geométricas no córtex. O fígado apresentava-se mais claro, por vezes com lobulação evidente. Em um animal verificaram-se áreas pálidas no miocárdio. Os pulmões congestos, algo mais pesados e consistentes, por vezes evidenciavam áreas de hepatização vermelha e cinzenta na porção cranial. Petéquias, equimoses e sufusões foram observadas em serosas, na mucosa do tubo digestório e em outros órgãos. Ao exame histológico verificaram-se acentuada nefrose tubular tóxica, focos aleatórios de necrose coagulativa no fígado, áreas de necrose coagulativa no miocárdio e pneumonia intersticial aguda incipiente acompanhada por áreas de broncopneumonia. Na literatura não foram encontradas referências à intoxicação natural por A. spinosus em ovinos. Tentativas de reprodução da intoxicação com a planta em ovinos, não foram bem sucedidas, provavelmente porque, nos experimentos, não se utilizou A. spinosus proveniente de áreas adubadas. A necrose do miocárdio encontrada, ao exame microscópico do coração de diversos animais foi atribuída a hipercalemia secundária à insuficiência renal, ao passo que a gênese dos infartos renais verificados em um ovino permanece obscura.An outbreak of acute poisoning caused by Amaranthus spinosus is described in ewes of southern Brazil. The clinical signs were characterized by uremic halitosis, loss of ruminal motility, dispnoea and abortion. Grossly in the kidneys there were pale red spots, white

  10. Intoxicação espontânea por Baccharis coridifolia (Compositae em ovinos Spontaneous Baccharis coridifolia (Compositae poisoning in sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela B. Rozza

    2006-03-01

    Full Text Available Descreve-se uma mortalidade de ovinos associada à intoxicação espontânea por Baccharis coridifolia ("mio-mio". A intoxicação ocorreu no município de Caxias do Sul, RS, em novembro de 2004. De um lote de 212 ovinos, provenientes de pastagens livres de B. coridifolia, no município de Jaguarão, RS, morreram 35 ovinos em até 5 dias após serem liberadas para o pasto onde mio-mio era encontrado em abundância, apesar de terem sido removidos deste pasto 1 dia e meio após sua introdução. Ovinos que anteriormente estavam na propriedade não foram afetados. O quadro clínico iniciou-se 8 horas após a introdução dos animais na nova pastagem e incluiu anorexia, depressão, retração abdominal ou leve timpanismo, incoordenação de membros posteriores, fezes pastosas, corrimento nasal catarral, decúbito lateral com movimentos de pedalagem, coma e morte com evolução clínica entre 5 e 48 horas. Os principais achados de necropsia foram no trato digestivo com edema de serosa e da parede dos pré-estômagos principalmente na região retículo-ruminal e do abomaso, avermelhamento e desprendimento da mucosa ruminal e do retículo e intensa hemorragia na submucosa. No exame histológico havia degeneração e necrose do epitélio do pré-estômago, com infiltrado polimorfonuclear, congestão, hemorragia e edema, e necrose do tecido linfóide de linfonodos, baço e trato digestivo.An outbreak of Baccharis coridifolia (Compositae poisoning in sheep is reported, which occurred in November 2004 in the county of Caxias do Sul, Rio Grande do Sul (RS, southern Brazil. From a herd of 212 sheep, coming from a Baccharis coridifolia free area, in the county of Jaguarão, RS, 35 sheep died until 5 days after the arrival in the new area where the plant was found with abundance. The clinical signs began 8 hours after introduction of the animals into the new pasture and included apathy, anorexia, abdominal retraction or mild distension, weakness of hind limbs

  11. Estudo retrospectivo de 66 casos de urolitíase obstrutiva em ovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Janaina Azevedo Guimarães

    2012-09-01

    Full Text Available Objetivou-se realizar um estudo retrospectivo dos principais achados epidemiológicos, clínicos, patológicos e laboratoriais de ovinos acometidos por urolitíase obstrutiva, atendidos na Clínica de Bovinos, Campus Garanhuns/ UFRPE. Para isso, foram analisadas 66 fichas clínicas de ovinos, todos machos não castrados, com idade entre dois meses e cinco anos. A maioria dos casos (79,63% ocorreu na época chuvosa. A maioria dos animais (87,88% era criada intensivamente e todos eram alimentados com concentrados. Os sinais clínicos mais importantes foram as manifestações de dor, congestão de mucosas, hipertermia e aumento da tensão abdominal associados a obstrução do trato urinário. Metade dos animais apresentou obstrução total da uretra. Destes, 69,70% morreram, enquanto nos casos de obstrução parcial, 30,30% morreram. Nos exames laboratoriais verificou-se neutrofilia e desvio à esquerda regenerativo, hiperfibrinogenemia e azotemia. Na urinálise constatou-se hematúria em 89,29% dos casos e pH ácido em 46,43%. Na sedimentoscopia predominaram hemácias, leucócitos, células de descamação do epitélio uretral e cristais de urato amorfo. Os achados necroscópicos renais mais frequentes foram pielonefrite (61,54% dos casos e hidronefrose (50%. Nos ureteres foram visualizados ureterite e hidroureter. Na bexiga foi mais evidente a cistite hemorrágica difusa (50% e a presença de urólitos (57,69%. Na uretra observaram-se urólitos (61,54% e uretrite hemorrágica difusa (57,69%. Quanto à composição dos urólitos predominaram os compostos por oxalato de cálcio hidratado. Conclui-se que no Agreste de Pernambuco a urolitiase é uma doença importante de ovinos, com alta letalidade, estando associada à alimentação rica em concentrados e sal mineral.

  12. Focal symmetrical encephalomalacia in sheep Encefalomalacia focal simétrica em ovino

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciano A. Pimentel

    2010-05-01

    Full Text Available Focal symmetrical encephalomalacia (FSE is the most prominent lesion seen in the chronic form of enterotoxemia by Clostridium perfringens type D. This paper reports FSE in sheep in Brazil. Six deaths occurred within a seven days period in a flock of 70, four to 30-month-old Santa Inês sheep in the state of Paraíba in the Brazilian semiarid. The flock was grazing a paddock of irrigated sprouting Cynodon dactylon (Tifton grass, and supplemented, ad libitum, with a concentrate of soybean, corn and wheat. Nervous signs included blindness and recumbence. A 19 month-old sheep was examined clinically and necropsied after a clinical course of three days. Gross lesions were herniation of the cerebellar vermis and multifocal, bilateral, symmetric brownish areas in the internal capsule, thalamus and cerebellar peduncles. Histologic lesions were multifocal, bilateral malacia with some neutrophils, swelling of blood vessels endothelium, perivascular edema, and hemorrhages. The flock was vaccinated, before the outbreak, with only one dose of Clostridium perfringens type D vaccine. Two factors are suggested to be important for the occurrence of the disease: insufficient immunity due to the incorrect vaccination; and high nutritional levels by the supplementation with highly fermentable carbohydrates.Encefalomalacia focal simétrica (EFS é a lesão mais proeminente vista nas formas subaguda ou crônica da enterotoxemia por Clostridium perfringens tipo D. Este trabalho relata EFS em ovinos no semiárido do estado da Paraíba. Seis ovinos morreram, em um período de sete dias, dentro de um rebanho de 70 animais, da raça Santa Inês, entre 4-30 meses de idade, que pastavam em piquete de Cynodon dactylon (capim Tifton, que estava rebrotando. Os ovinos eram suplementados com um concentrado de soja, trigo e milho. Os sinais nervosos incluíam cegueira e decúbito lateral. Um ovino de 19 meses de idade foi examinado clinicamente e necropsiado, depois de um curso

  13. Efeitos da defaunação em ovinos alimentados com cana-de-açúcar (Saccharum officinarum, L. adicionada de uréia Effects of defaunation in sheep fed sugar cane (Saccharum officinarum, L. plus urea

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    F.C.F. Lopes

    2002-04-01

    Full Text Available Em delineamento inteiramente ao acaso, estudou-se o efeito da defaunação em ovinos que receberam cana-de-açúcar e uréia sobre o consumo e digestibilidade aparente de nutrientes, dinâmica da fase sólida, parâmetros de fermentação ruminal e de degradação in situ. As taxas de passagem no rúmen foram, respectivamente, de 3,05 e 1,97%/h, para ovinos faunados e defaunados. Valores mais elevados para taxa (5,4%/h e extensão (46,7% da digestão ruminal e de degradabilidade efetiva da FDN da cana (31,5% foram obtidos nos ovinos faunados. Seus consumos diários (57,7 e 32,3 g/kg0,75, respectivamente para MS e FDN foram superiores (PThe defaunation effect on feed intake, nutrient apparent digestibilities, solid phase dynamics, ruminal fermentation parameters and in situ degradation in sheep fed on sugar cane plus urea was studied in a completely randomized design with three replicates. Ruminal passage rates of 3.05 and 1.97%/h were observed for the faunated and defaunated groups, respectively. Higher values for sugar cane NDF ruminal digestion rate (5.41%/h, extension (46.7% and effective degradability (31.53% were observed for the faunated group. The faunated group daily intake (57.7 and 32.3 g/kg0.75 for dry matter and NDF residue, respectively was higher (P<0.06 than that for the defaunated group. Total VFA, acetate and propionate concentrations were higher (P<0.05 in the faunated group and were dependent on sampling time. Defaunated sheep showed higher (P<0.04 post prandial decrease in pH. Relative to apparent digestibility difference (P<0.05 between treatments was observed only for dry matter.

  14. Doenças da pele em caprinos e ovinos no semi-árido brasileiro Diseases of the skin in sheep and goats from the Brazilian semiarid

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana T.S.A. Macêdo

    2008-12-01

    Full Text Available Foi realizado um estudo das doenças de pele diagnosticadas em ovinos e caprinos, no semi-árido dos Estados da Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte. De janeiro de 2000 a novembro de 2006 foram registrados no Hospital Veterinário da Universidade Federal de Campina Grande, em Patos, Paraíba, 656 diagnósticos em caprinos e 324 em ovinos, além do estudo de espécimes de necropsia ou biópsia da pele de 31 em caprinos e 45 em ovinos enviados para exame histológico. Dos casos atendidos 80 (8,16% apresentavam alterações na pele, destes 35 ocorreram em caprinos (5,33% do total de casos diagnosticados nesta espécie e 45 em ovinos (13,88% dos casos diagnosticados nesta espécie. Das doenças de pele, a mais freqüente foi a miíase (10 casos em caprinos e 7 em ovinos seguida do ectima contagioso (8 casos em caprinos e 2 em ovinos, carcinoma epidermoide (4 casos em caprinos e 5 em ovinos, dermatofilose (8 casos em ovinos, dermatite alérgica (1 caso em ovino e 1 em caprino. Além disso, foram diagnosticados dois casos de pitiose em ovinos, dois casos de epidermólise bolhosa em caprinos, um caso de intoxicação por Brachiaria brizantha (fotossensibilização e outro de intoxicação por Leucaena leucocephala (alopecia em ovinos e um caso de papilomatose, um de pênfigo foliáceo, um de prototecose e um de rabdomiossarcoma em caprinos. Em 4 casos em ovinos e 19 em caprinos não foi realizado diagnóstico etiológico da doença. A informação gerada sobre a ocorrência e epidemiologia das doenças de pele permite estabelecer medidas adequadas de controle.A study of the skin diseases in sheep and goats in the semiarid of the states of Paraíba, Pernambuco and Rio Grande do Norte, Northeastern Brazil was performed. From January 2000 to November 2006, 656 cases in goats and 324 in sheep were presented to the Veterinary Hospital of the Federal University of Campina Grande in Patos, Paraíba. Additionally mailed in biopsy or necropsy skin samples

  15. Hemoglobin polymorphism in Hampshire Down sheep herd/ Polimorfismo de hemoglobina em rebanho de ovinos Hampshire Down

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvia Manduca Trapp

    Full Text Available The present study aimed to determine the types of hemoglobin in Hampshire Down crossbreed sheep, and verify that this locus is in Hardy-Weinberg equilibrium. There have been collected 46 blood samples of healthy Hampshire Down crossbreed sheep. These samples were used to separate the hemoglobin per electrophoresis. The electrophoresis of the hemoglobin revealed a slow band characterized as hemoglobin A (HbAA, a fast band characterized as hemoglobin B (HbBB and two bands in the heterozygous hemoglobin A and B (HbAB. The HbAB type was the most frequently one, followed by hemoglobin A (HbAA and B (HbBB. The genotypic frequency of individuals BB, AB and AA were 36,95; 54,35 and 8,70% respectively. The allelic frequency of A and B were respectively 35,87% and 64,13%.. The qui square test (?2 = 0.859 and p = 0.6509 confirmed that the tested locus is in Hardy-Weinberg equilibrium.O presente trabalho teve como objetivo determinar os tipos de hemoglobinas em ovinos Hampshire Down e verificar se este locus encontra-se em equilíbrio de Hardy-Weinberg. Foram coletadas 46 amostras de sangue de ovinos Hampshire Down, considerados clinicamente sadios. Estas amostras foram utilizadas para a separação das hemoglobinas por eletroforese. A eletroforese das hemoglobinas revelou uma banda lenta caracterizada como hemoglobina B (HbBB, uma banda rápida caracterizada como hemoglobina A (HbAA e duas bandas no heterozigoto para hemoglobinas A e B (HbAB. A variante HbAB foi a mais freqüentemente encontrada, seguida pela hemoglobina A (HbAA e B (HbBB. A freqüência genotípica dos indivíduos BB, AB e AA foram 36,95; 54,35 e 8,70% respectivamente. A freqüência alélica de A e B foram respectivamente 35,87% e 64,13%. Pelo teste do qui-quadrado realizado (?2 = 0,859 e p=0,6509 confirmou-se que o locus testado está em equilíbrio de Hardy-Weinberg.

  16. Fontes nitrogenadas com diferentes taxas de degradação ruminal na alimentação de ovinos

    OpenAIRE

    Clayton Quirino Mendes

    2010-01-01

    Foram realizados três experimentos com o objetivo de determinar os efeitos do aumento da PDR da ração por meio do uso de fontes nitrogenadas com diferentes taxas de degradação ruminal. Exp. 1: 28 cordeiros da raça Santa Inês foram utilizados para avaliação do desempenho, características da carcaça e da carne e parâmetros sanguíneos. Além disso, foi avaliada a capacidade do SRNS em predizer o CMS e o GMD dos animais. O farelo de soja foi substituído pela uréia nos teores de 0,7%; 1,4% e 2,1% d...

  17. Surto de intoxicação por sal em ovinos no estado do Pará

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos D. Duarte

    2014-11-01

    Full Text Available O presente trabalho relata um surto de intoxicação por sal em ovinos no Brasil, em uma propriedade no estado do Pará. De um total de 545 ovinos, oito animais adoeceram (1,46% e quatro destes morreram (50%. A avaliação das instalações e do manejo indicaram como fatores predisponentes a ingestão excessiva de mistura mineral e a restrição hídrica. Os principais sinais clínicos foram decúbito, diminuição ou ausência da sensibilidade cutânea, ausência dos reflexos de ameaça, palpebral e auricular, midríase, nistagmo, opistótono, espasticidade de membros, sonolência e estupor. Havia ainda, timpanismo, diarreia, taquipneia, taquicardia, desidratação e poliúria. A evolução do quadro clínico nos animais que morreram variou de duas horas e meia a 48 horas. As médias das concentrações séricas de sódio e de potássio de 31 ovinos do mesmo lote afetado pela intoxicação, em amostras colhidas durante o surto, revelaram hipernatremia (190mEq/l e hipercalemia (8,2mEq/l. À necropsia, observou-se em um animal, achatamento das circunvoluções cerebrais. Microscopicamente, neste animal, evidenciou-se vacuolização moderada do neurópilo, particularmente nas lâminas intermediárias do córtex cerebral, com aumento dos espaços perineural e perivascular. Nessas áreas foram observados ainda, acentuada tumefação e edema dos astrócitos e necrose neuronal aguda. A dosagem de sódio no encéfalo de um ovino, revelou-se elevada com valor de 3.513ppm. O diagnóstico foi realizado com base na epidemiologia, nos sinais clínicos, nas lesões macro e microscópicas e nas dosagens de sódio no soro e no encéfalo dos ovinos.

  18. Processamento da casca de mandioca na alimentação de ovinos: desempenho, características de carcaça, morfologia ruminal e eficiência econômica Processing of cassava peel in sheep feeding: performance, carcass characteristics, ruminal morphology and economic efficiency

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Peter Bitencourt Faria

    2011-12-01

    Full Text Available Avaliou-se o efeito de diferentes formas de processamento da casca de mandioca na alimentação sobre o desempenho e as características de carcaça, a morfologia ruminal e a viabilidade técnico-econômica da criação de ovinos. Foram utilizados 20 ovinos machos da raça Santa Inês, desmamados, com peso inicial de 19,02±0,21 kg e 90 dias de vida. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado com cinco repetições por dieta. Durante o período experimental de 84 dias, incluindo 14 dias de adaptação, os animais foram mantidos em sistema de semiconfinamento em pastagem de Brachiaria decumbens. Foram avaliadas quatro formas de processamento da casca de mandioca: desidratada triturada em peneira de 12 ou de 5 mm; úmida triturada e ensilada; e úmida triturada e hidrolisada com 0,5% de cal virgem (óxido de cálcio - CaO. O peso médio ao abate foi 30,72±1,46 kg. Não houve influência do tipo de processamento da casca sobre as características de desempenho analisadas, as características quantitativas de carcaça e a morfologia ruminal, sendo influenciado somente o rendimento de paleta. A casca de mandioca hidrolisada foi a que promoveu melhor eficiência econômica. Os tipos de processamento da casca de mandioca não alteram o desempenho, as características de carcaça, os rendimentos de corte e a morfologia ruminal dos ovinos Santa Inês.The objective of this trial was to evaluate the effect of different forms of processing of cassava peel in sheep feeding on performance traits, carcass, morphology and rumen and economic technical feasibility. Twenty non-castrated male Santa Ines lambs of 19.02±0.21 kg of initial body weight and 90 days of age at the beginning of the study were used in this trial. The design was completely randomized design with five replications per treatment. During the experimental period of 84 days, including 14 days of adaptation, animals were kept in semi-confinement on Brachiaria decumbens. Four forms

  19. Intoxicação experimental por Simarouba versicolor (Simaroubaceae em ovinos e indução de resistência ao consumo da planta

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ariany C. Santos

    2013-03-01

    Full Text Available Simarouba versicolor é uma árvore semidecídua pertencente à família Simaroubaceae. Um surto de intoxicação por S. versicolor em bovinos por brotos da planta presente no pasto em Mato Grosso do Sul e sua reprodução experimental foram descritos. Esse estudo teve por objetivos verificar experimentalmente se os ovinos podem ser utilizados como modelo clínico-patológico no estudo da intoxicação por Simarouba versicolor St. Hil. (fam. Simaroubaceae, determinar se há indução de resistência pela ingestão de pequenas e repetidas doses e, se a planta mantém sua toxicidade quando dessecada. Foram realizados dois experimentos, sendo o primeiro com folhas verdes ou folhas dessecadas e trituradas de S. versicolor em doses únicas de 5g/kg, 5g/kg e 3g/kg a três ovinos (Ovino 1, 2 e 3 respectivamente. O experimento 2, foi realizado com diferentes doses diárias de folhas dessecadas e trituradas de S. versicolor em quatro ovinos que receberam 1,5g/kg, 0,75g/kg, 0,6g/kg e 0,3g/kg e, com um ovino que recebeu 3g/kg como controle positivo (Ovino 4. A administração foi suspensa quando os ovinos apresentaram sinais clínicos da intoxicação. Após doze dias de recuperação, os animais sobreviventes foram desafiados com a mesma dose diária da planta ingerida anteriormente para avaliar o desenvolvimento de resistência. Os sinais clínicos observados nos dois experimentos caracterizaram-se por anorexia, mucosas oculares congestas, polidipsia, sialorreia, fezes pastosas que evoluíram para diarreia líquida fétida esverdeada, decúbito lateral e morte para os Ovinos 1 a 7. As principais lesões histológicas observadas foram necrose do tecido linfoide (linfonodos, baço, placas de Peyer e enterite necrosante. Com os resultados obtidos, pode-se concluir que os ovinos podem ser utilizados como modelo experimental clínico-patológico na intoxicação por S. versicolor. Com o método utilizado, não houve resistência ao consumo diário de folhas

  20. INTOXICAÇÃO EXPERIMENTAL POR Phytolacca decandra EM OVINOS EXPERIMENTAL POISONING BY Phytolacca decandra IN SHEEP

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roselene Ecco

    2001-04-01

    Full Text Available Doses únicas de 10 a 25g/kg das folhas verdes de Phytolacca decandra foram administradas oralmente a 11 ovinos. Dois desses ovinos (20 e 25g/kg morreram 6 horas após a ingestão da planta e os outros nove adoeceram levemente e se recuperaram. Um outro ovino recebeu 4 doses diárias de 5g/kg da mesma planta. Esse ovino e outros dois usados como controles não adoeceram. Os principais sinais clínicos nos ovinos afetados foram dor abdominal, inquietação, manoteio, distúrbios respiratórios, tremores e hiperestesia. As alterações macroscópicas mais importantes em dois ovinos necropsiados estavam restritas ao sistema digestivo e consistiam de avermelhamento difuso da mucosa do rúmen, retículo, abomaso e intestino delgado. Microscopicamente, as alterações eram necrose de coagulação e microabscessos na mucosa dos pré-estômagos e presença de numerosos cristais birrefringentes na luz dos túbulos renais.Single dosis varying from 10 to 25g/kg of fresh green leaves of Phytolacca decandra were orally force fed to 11 sheep. Two of these sheep (20 and 25g/kg died 6 hours after the ingestion of the plant and the other 9 got mildly sick and recovered. Another sheep was fed 4 daily dosis of 5g/kg of the same plant. This sheep and another two used as controls did not get sick. The main clinical signs in the affected sheep were abdominal pain, restless, pawing, respiratory distress, muscle tremors, and hyperesthesia. Gross findings in the two necropsied sheep were confined to the digestive tract and consisted of diffuse mucosal reddening of the rumen, reticulum, abomasum, and small intestine. Microscopic changes were coagulative necrosis and microabscesses in the mucosa of the forestomachs and several intratubular birefringent crystals in the kidney.

  1. Intoxicação por Ipomoea asarifolia em bovinos e ovinos no Rio Grande do Norte

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabricio K. de L. Carvalho

    2014-11-01

    Full Text Available Ipomoea asarifolia é uma das principais plantas tóxicas para ruminantes nas regiões Norte e Nordeste. A intoxicação ocorre na época das secas quando há escassez de forragem e é mais frequente em ovinos do que em outras espécies, porem casos espontâneos também são relatados em caprinos, bovinos e búfalos. Este trabalho relata a ocorrência de 18 surtos de intoxicação em bovinos por I. asarifolia que ocorreram de agosto de 2012 a fevereiro de 2013 no estado do Rio Grande Norte. De um total de 1704 bovinos, 202 (11,8% adoeceram e 34 (2% morreram. Em seis propriedades onde havia ovinos estes também se intoxicaram. Foram observados também sinais clínicos em bezerros e cordeiros confinados, sem acesso às pastagens, que se intoxicaram pela ingestão do leite das mães que ingeriam I. asarifolia a pasto.

  2. Casca de soja em dietas para ovinos Soybean hulls in sheep diets

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Walter dos Santos

    2008-11-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar a utilização de quatro níveis de casca de soja (0; 8,0; 16,0 ou 24,0% em substituição ao fubá de milho (0, 25, 50 e 75% em dietas para ovinos em confinamento. Avaliaram-se o consumo e a digestibilidade dos nutrientes, o desempenho animal, a conversão alimentar e os custos com a dieta. Vinte cordeiros da raça Santa Inês com peso vivo médio inicial de 32,96 kg foram distribuídos em delineamento inteiramente casualizado com quatro tratamentos e cinco repetições. A dieta foi composta de 50% de volumoso (50% de silagem de milho e 50% de cana-de-açúcar picada e 50% de concentrado. Os concentrados foram compostos de fubá de milho, farelo de soja, mistura mineral e uréia, de modo que o fubá de milho foi gradativamente substituído pela casca de soja. Os animais foram mantidos em baias individuais com comedouro e bebedouro. Não foram observados efeitos dos níveis de casca de soja da dieta sobre o consumo de nutrientes, exceto o de FDN, que aumentou linearmente de acordo com o nível de casca de soja na dieta. Os níveis de casca de soja não influenciaram a digestibilidade dos nutrientes, o ganho de peso (0,215 kg/animal/dia e a conversão alimentar dos animais (6,20 kg MS/kg peso ganho. O aumento do nível de casca de soja de 0 e 75% na dieta reduziu os gastos com alimentação e aumentou a margem bruta de R$ 10,89 para R$ 18,63 por animal. A substituição de até 75% do fubá de milho por casca de soja na dieta não afeta o desempenho de ovinos em terminação em confinamento.The objective was to evaluate the use of four levels of soybean hulls (0.0, 8.0, 16.0 and 24.0% to replace the corn meal (0.0, 25, 50 and 75% in the diet of sheep in feedlot. Performance, nutrient digestibilities and feeding costs were evaluated. Twenty Santa Inez breed lambs with 32.96 kg BW were distributed to a completely randomized design with four diets and five replications. The diet was composed of 50% forage (50% of corn silage and

  3. Intoxicação experimental por Tetrapterys multiglandulosa (Malpighiaceae em ovinos Experimental poisoning by Tetrapterys multiglandulosa (Malpighiaceae in sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gabriela Riet-Correa

    2005-06-01

    Full Text Available Em uma propriedade no município de Roseira Velha, São Paulo, com histórico de doença cardíaca, abortos e sinais nervosos em bovinos, associados à ingestão de Tetrapterys multiglandulosa, foi observada fibrose cardíaca em um bezerro de uma semana de idade que apresentava apatia, fraqueza e insuficiência respiratória. Os objetivos desse trabalho foram determinar se a espécie ovina é sensível à intoxicação por T. multiglandulosa, descrever as alterações clínicas e patológicas da intoxicação e avaliar a utilização dessa espécie como modelo experimental para a intoxicação. Para determinar a toxicidade de T. multiglandulosa a ser utilizada em ovinos, foi realizado um experimento prévio em um bovino, sendo administrado 22g por kg de peso vivo (g/kg/pv da planta verde durante 9 dias. Após 9 dias de ingestão o animal apresentou sinais nervosos e no 12º dia foi eutanasiado. Na necropsia não foram observadas lesões. No estudo histológico observou-se vacuolização (status spongiosus, espongiose da camada profunda da substância cinzenta do córtex cerebral e da substância branca subcortical. Para a reprodução da enfermidade em ovinos foram utilizados 6 ovinos, machos, divididos em 3 grupos de 2 animais cada. Os Ovinos 1 e 2 do Grupo 1 receberam doses diárias de 6 g/kg/pv da planta seca por um período de 30 dias; os Ovinos 3 e 4 do Grupo 2 receberam doses diárias de 3 g/kg/pv por um período de 60 dias; e os Ovinos 5 e 6 do Grupo 3 serviram como controle. O Ovino 1 foi sacrificado aos 30 dias de administração da planta. Apresentou somente arritmia cardíaca e não foram observadas lesões significativas na necropsia. Os Ovinos 2, 3 e 4 apresentaram arritmia a partir dos dias 9, 12 e 18 do início do experimento, respectivamente. A partir do 52º dia iniciaram a apresentar depressão, relutância em locomover-se e incoordenação. Esses sinais foram se agravando e os ovinos foram sacrificados, com sinais cl

  4. Farelo de arroz em dietas para ovinos Rice meal in sheep diet

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre Lima de Souza

    2010-03-01

    Full Text Available Avaliou-se o consumo e a digestibilidade aparente dos nutrientes em ovinos submetidos a dietas com diferentes níveis de farelo de arroz (0, 7, 14 e 21%, em substituição ao milho na ração concentrada. Foram utilizados 20 ovinos da raça Santa Inês, machos não-castrados, com peso vivo médio inicial de 23,00 ± 1,6kg, em delineamento inteiramente casualizado com quatro tratamentos e cinco repetições. Os animais foram mantidos em gaiolas metabólicas, por um período de 21 dias, de forma que 14 dias foram destinados à adaptação e sete para coletas de sobras e amostras fecais. As dietas eram isoproteicas com 13,3% de proteína bruta, compostas por 50% de concentrado e 50% de volumoso (50% de cana-de-açúcar in natura + 50% de silagem de milho com base na matéria seca, e fornecidas ad libitum permitindo sobras de 10%. O consumo de matéria seca foi obtido pela diferença entre a dieta e as sobras, e, assim como os nutrientes digestíveis totais, foi reduzido em 8,7 e 3,4g/dia por unidade percentual de farelo de arroz adicionado à dieta. Não foi observado efeito do farelo de arroz sobre a digestibilidade dos nutrientes, e os valores médios foram de 71,57; 73,26 e 47,00%, respectivamente, para o DMS, DCT e DFDN.The intake and nutrients digestibility of the diets content different levels of rice meal (0, 7, 14 and 21% in substitution to corn in concentrate ration were evaluated for sheep. Twenty sheep, not castrated, Santa Inês breed, with initial average body weight of 23±1,6kg were used, on the completely randomized design with four treatments and five repetitions. The animals were kept in individual metabolic cages, for a period of 21 days, have been the initial 14 days used to animal adaptation and seven days for orts and fecal samples collections. The diets were isonitrogenous with 13.3% of crude protein, haved roughage:concentrate ration of 50:50, based on dry matter provided ad libitum, allowing orts of 10%. The dry matter

  5. Trema micrantha como causa de pneumopatia tóxica em ovinos: reprodução experimental

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flademir Wouters

    Full Text Available A intoxicação experimental por Trema micrantha em cinco ovinos é descrita. Quatro ovinos apresentaram sinais clínicos respiratórios acentuados e morte após ingestão da terceira dose de folhas da planta. As manifestações clínicas mais frequentes nesses casos foram taquipneia, dispneia, retração ritmada das narinas, mucosas cianóticas, corrimento nasal mucoso, hipertermia, aumento de volume abdominal bilateral e na região parotídea, incluindo crepitação à palpação, membros lateralmente afastados ao caminhar e decúbito esternal. T. micrantha mostrou-se tóxica para ovinos na dose de 20-50g/kg de peso animal. Na necropsia desses ovinos foram observados, além das mucosas cianóticas, enfisema subcutâneo em região cervical ventral ou porção mediastinal dorsal, pulmões não colabados, pesados, com impressão das costelas na superfície e conteúdo espumoso vermelho em traqueia e brônquios, além de múltiplas petéquias subpleurais. Na avaliação histológica predominaram alterações pulmonares, com espessamento de septos alveolares por proliferação difusa de pneumócitos tipo II, conferindo aspecto adenomatoso a algumas áreas. Os pneumócitos apresentavam núcleo volumoso, hipercromático, ora bizarro ou eram multinucleados, com nucléolos evidentes e, em algumas áreas, os pneumócitos estavam descamados para a luz alveolar, ora formando sincícios. Havia também proliferação do epitélio bronquiolar, com formação de mais de uma camada celular, núcleos hipercromáticos e volumosos e redução na quantidade de cílios. As alterações proliferativas dos pneumócitos e do epitélio bronquiolar foram evidenciadas pela imunomarcação anti-citoqueratina e anti-Ki-67 e, para a diferenciação entre pneumócitos e macrófagos alveolares, foi empregada imuno-histoquímica anti-mieloide/histiócitos (MAC387. Um ovino apresentou quadro clinico-patológico de insuficiência hepática aguda, com necrose hepatocelular

  6. Avaliação clínica de ovinos após a ingestão de elevada quantidade de manga

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    G.W.N. Soares

    Full Text Available RESUMO Objetivou-se avaliar clinicamente os efeitos da administração intrarruminal de duas quantidades distintas de manga em ovinos. Foram utilizados sete ovinos machos, hígidos, que não receberam carboidratos não fibrosos por, pelo menos, seis meses previamente ao período experimental, quando se avaliou pH ruminal, total de protozoários no suco de rúmen, pH urinário, pH sanguíneo estimado e parâmetros vitais nos tempos zero, 12, 16, 20 e 24 após a administração da manga. Os sete ovinos foram distribuídos aleatoriamente em dois grupos e receberam 0,625% ou 1,875% da MS de manga/kg/PV (M1 e M2, respectivamente, distribuídos em delineamento cross-over, com uma parcela perdida, e 30 dias de washout. Os ovinos M2 apresentaram valores médios para pH ruminal significativamente inferiores a M1 a partir do tempo T12 (5,1 e 6,9, respectivamente, o que indica ocorrência de acidose ruminal. Os animais tratados com M1 não apresentaram alterações sistêmicas, ao passo que os ovinos tratados com M2 apresentaram acidose metabólica leve, detectada por meio do pH urinário ácido (4,8. A ingestão apenas de manga in natura na quantidade de 1,875% da MS de manga/kg/PV mostrou-se capaz de provocar acidose ruminal em ovinos, levando-os a: ligeira depressão, aumento da frequência cardíaca, diminuição dos movimentos ruminais e diarreia em alguns casos.

  7. Avaliação nutricional de coprodutos da extração de óleos vegetais em dieta de ovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Brás

    2014-02-01

    Full Text Available A busca por fontes alternativas de produção de energia é uma necessidade em sistemas de produção sustentável, pois além de contribuir com o meio ambiente, pode proporcionar a produção de alimentos alternativos para animais. O presente trabalho teve como objetivo estudar a composição química das tortas oriundas da prensagem dos grãos de cártamo, nabo forrageiro, girassol e crambe, adicionadas em dietas de ovinos; estimar o valor nutricional em ensaios de degradabilidade ruminal in situ, avaliando os efeitos das dietas sob os parâmetros ruminais e sanguíneos, também estimar através da técnica in vitro a produção de gases de efeito estufa. Os tratamentos foram: silagem de milho como volumoso oferecido ad libitum, juntamente com 100g de grãos de milho moído e 100 g/dia de proteína bruta (PB, proveniente da torta a ser testada nos diferentes tratamentos. A quantidade de torta fornecida em cada tratamento foi a seguinte: T1-cártamo: 440g; T2-nabo forrageiro: 240g; T3-girassol: 452g e T4-crambe: 405g e foi equivalente a 100g de proteína. Foram utilizados quatro ovinos fistulados no rúmen, mantidos em baias individualizadas, distribuídos em quadrado latino 4 x 4. Os animais alimentados com as tortas de nabo forrageiro e crambe apresentaram menor consumo de matéria seca e perda de peso. O pH ruminal e as concentrações de AGCC não diferiram (P>0,05 entre os tratamentos. Maiores teores de N-NH3 foram observados nos animais alimentados com a torta de nabo forrageiro na dieta, que também apresentaram maiores degradabilidades potencial e efetiva da MS (88,62 e 83,25%. Na dieta com torta de cártamo foram observados maiores teores de FDA e lignina, menor degradabilidade efetiva da MS e PB (40,46 e 74,32%, menor produção total de gases in vitro (10,42 mL/g MS e menor degradabilidade da MS e MO (671 e 556,95 g/kg, respectivamente, enquanto na dieta com torta de nabo forrageiro foram obtidos os maiores valores destas fra

  8. Campylobacter fetus subespécie fetus: abortamento e natimortalidade em ovinos Campylobacter fetus subspecies fetus: abortion and stillbirths in sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Letícia Trevisan Gressler

    2012-04-01

    Full Text Available A bactéria do gênero Campylobacter está comumente envolvida em surtos de abortos ovinos em muitos países. No Brasil, até o presente momento, ainda não houve relato sobre a ocorrência de aborto em ovinos causado pelo C. fetus, subespécie fetus (C. fetus ssp. fetus. No presente trabalho, relata-se a detecção deste agente em fetos e natimortos ovinos naturalmente infectados. Desse modo, alerta-se para a possibilidade de novos casos de aborto em ovinos causados por C. fetus ssp. fetus.The bacteria of genus Campylobacter spp, is commonly involved in outbreaks of ovine abortion in many countries. In Brazil, until now, there has been no report on the occurrence of abortion in sheep caused by C. fetus subsp. fetus. In this paper, we report the detection this bacteria in ovine fetuses naturally infected. Thus, alert for possible cases of abortion in sheep caused by C. fetus subsp. fetus.

  9. Experimentos com a polpa cítrica em ovinos e coelhos Experiments with citrus pulp in sheep and rabbits

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Hubinger Tokarnia

    2001-12-01

    Full Text Available Ovinos e coelhos receberam em sua alimentação polpa cítrica em quantidades elevadas durante períodos prolongados, com a finalidade de estabelecer um modelo experimental. A polpa cítrica para os experimentos realizados nos ovinos era a mesma usada por criador do município de Lorena, SP, que perdeu 5 de um total de 56 vacas em lactação, em um período de poucas semanas; a doença caracterizava-se histologicamente por lesões granulomatosas. Os 4 ovinos usados nos experimentos receberam 800g/dia/animal desta polpa cítrica durante 10 a 11 meses. Nenhum dos ovinos mostrou o quadro clínico-patológico da intoxicação pela polpa cítrica observado nos bovinos ou outras alterações. Nos experimentos com os coelhos foi usada polpa cítrica de duas procedências. Na primeira série de experimentos com 6 coelhos foi usada a mesma polpa cítrica dos experimentos com os ovinos; na segunda série de experimentos com mais 6 coelhos utilizou-se a polpa cítrica que causou lesões granulo-matosas em cães. Os coelhos da primeira série ingeriram em média 51,5 g/dia/animal, os da segunda série em média 35,2 g/dia/animal da polpa cítrica. Os coelhos foram sacrificados 2, 3 , 6 e 12 meses após o início dos experimentos. Nenhum dos coelhos mostrou o quadro clínico-patológico da intoxicação pela polpa cítrica ou outras alterações.Citrus pulp was fed to sheep and rabbits in high doses and during long periods, in order to find an experimental model. The citrus pulp used in the experiments in sheep was the same used by a cattle breeder in Lorena, State of São Paulo, who lost out of a total of 56 lactating cows during a period of a few weeks 5 animals by a disease characterized histologically by granulomatous lesions. The 4 sheep used in the experiments received 800g/day/animal of this citrus pulp during 10 to 11 months. They were euthanized at the end of the experiment. None of the sheep showed the clinical-pathological picture of citrus pulp

  10. Pitiose em ovinos nos estados de Pernambuco e Bahia Pythiosis in sheep from Pernambuco and Bahia States, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manuel V. Carrera

    2013-04-01

    Full Text Available A pitiose é uma doença infecciosa causada pelo oomiceto aquático P. insidiosum que acomete animais e o homem, especialmente habitantes de áreas úmidas. A enfermidade apresenta como característica principal a formação de lesões com aspecto granulomatoso nos hospedeiros. Neste trabalho, relatou-se a ocorrência da pitiose em ovinos nos estados de Pernambuco (PE e Bahia (BA, Nordeste do Brasil, bem como foi avaliada a eficácia de um imunoterápico frente a esta enfermidade. Amostras de sangue de 53 ovinos foram coletadas, sendo 49 animais oriundos de propriedades localizadas em PE e quatro animais provenientes da BA. Sete ovinos demonstraram sinais clínicos de pitiose ovina. Um dos animais foi submetido à eutanásia e sua cabeça e linfonodo submandibular foram coletados e enviados para análises laboratoriais. Seis ovinos foram submetidos à imunoterapia, sendo mantidos nas instalações do setor de ovinocultura da Univasf/Petrolina-PE durante o tratamento. As técnicas de ELISA, cultura fúngica e reação em cadeia da polimerase (PCR foram utilizadas como métodos diagnósticos da pitiose ovina, sendo eficientes para confirmação dos casos clínicos no rebanho. Ao exame microscópico do material coletado da cavidade nasal de um animal eutanasiado, observou-se uma área focalmente extensa de necrose com presença de infiltrado difuso de neutrófilos íntegros e degenerados margeando a cartilagem. Somente um animal apresentou cura clínica, indicando uma eficiência no tratamento da pitiose de 16,7% (1/6. O aumento de casos de pitiose tem sido denotado em diversos municípios de PE e da BA. Neste contexto, o emprego do imunoterápico pode ser uma alternativa a ser pesquisada. Portanto, estudos futuros devem ser realizados para investigar o efeito da imunoterapia aplicada à pitiose em ovinos.Pythiosis is a devastating infectious disease caused by an aquatic oomycete, Pythium insidioum, and affects animals and humans that inhabit

  11. Intoxicação experimental por Aspergillus clavatus em ovinos Experimental poisoning by Aspergillus clavatus in sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro S. Bezerra Júnior

    2009-03-01

    Full Text Available Descreve-se a reprodução experimental de doença neurológica em ovinos através da administração de bagaço de malte (resíduo cervejaria contaminado com Aspergillus clavatus. Esse resíduo de cervejaria, cujas amostras revelaram cultura pura de A. clavatus, estava sendo utilizado em duas propriedades, onde ocorreram surtos da doença em bovinos. Os sinais clínicos iniciaram-se cerca de 2 a 6 dias após a administração do subproduto ou da cultura e a evolução clínica foi de 1,5 a 12 dias. Os sinais clínicos, que foram predominantemente locomotores e respiratórios, incluíram tremores musculares, hiperestesia, taquipnéia progressiva, rigidez de membros pélvicos (mais evidente à locomoção, fraqueza dos posteriores e decúbito. Um ovino também apresentou apoio ocasional sobre os boletos dos membros pélvicos. As anormalidades locomotoras e tremores eram intensificados pelo exercício. Entretanto, em 6 dos 7 ovinos, o apetite e a dipsia eram mantidas até próximo à morte ou eutanásia. O principal achado histológico consistia de degeneração e necrose neuronal cromatolítica em núcleos nervosos específicos do tronco encefálico, cornos ventrais da medula espinhal e gânglios espinhais, trigeminal, estrelado e celíaco. Três ovinos também apresentaram degeneração e necrose leves em músculos dos membros pélvicos e torácicos.This paper describes the experimental reproduction of a neurological condition in sheep by the administration of a beer by-product contaminated with Aspergillus clavatus. Samples of this by-product, in which pure cultures of A. clavatus grew, originated from two farms where outbreaks of A. clavatus poisoning in cattle had occurred. The onset of symptomatology was 2 to 6 days after dosage with the contaminated beer by-product or pure A. clavatus culture. The clinical course lasted from one and a half to 12 days. Clinical signs were predominantly of locomotor and respiratory nature and included muscle

  12. Há equivalência entre a temperatura da membrana timpânica e a temperatura retal em ovinos Santa Inês normotérmicos?

    OpenAIRE

    Del Campo,Claudia; Boere,Vanner

    2008-01-01

    A utilização do termômetro de raios infravermelhos para a aferição da temperatura timpânica em animais tem se tornado uma alternativa prática na clínica veterinária. Em ovinos, a mensuração da temperatura timpânica não foi suficientemente comparada com a aferição da temperatura retal. Este estudo avaliou a equivalência entre a temperatura timpânica e a temperatura retal em 16 ovinos da raça Santa Inês. Durante a coleta de dados, a temperatura e a umidade relativa do ar foram monitoradas e não...

  13. Anticorpos anti-Neospora caninum em bovinos, ovinos e bubalinos no Estado do Rio Grande do Sul Antibodies to Neospora caninum in cattle, sheep and water buffalo in Rio Grande do Sul state, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Silveira Flôres Vogel

    2006-12-01

    Full Text Available A infecção pelo Neospora caninum é distribuída mundialmente e tem sido considerada uma importante causa de abortos em bovinos, que são hospedeiros intermediários do protozoário. O presente artigo relata um estudo sorológico da infecção pelo N. caninum em 1.024 amostras de bovinos, ovinos e bubalinos, oriundos de 55 propriedades em 16 municípios do Estado do Rio Grande do Sul (RS. Anticorpos contra o agente foram detectados por um teste imunoenzimático do tipo ELISA em 11,4% (89/781 das amostras de bovinos, em 14,6% (24/164 dos bubalinos e em 3,2% (2/62 dos ovinos. Bovinos soropositivos foram detectados em todos os municípios amostrados. Esses resultados demonstram que a infecção pelo N. caninum encontra-se amplamente difundida no rebanho bovino e também em outras espécies de ruminantes do Estado. Aliados a relatos clínicos e histopatológicos anteriores, esses resultados ressaltam a importância do N. caninum como agente etiológico de falhas reprodutivas em bovinos no RS.The infection by Neospora caninum is distributed worldwide and has been considered an important cause of abortion in cattle, which are intermediate hosts of the parasite. The present article reports an serological survey of the N.caninum infection in 1024 serum samples of cattle, sheep and water buffalo from 55 herds in 16 counties of the state of Rio Grande do Sul (RS. Antibodies to the agent were detected by ELISA in 11.4% (89/781 bovine samples, in 14.6% (24/164 water buffalo and in 3.2% (2/62 sheep sera. Positive cattle were detected in all tested counties. These results demonstrate that N. caninum infection is widespread among bovine and other ruminants in the state. Taken together with previous clinical and pathological reports, these results are indicative of the importance of the parasite as the etiological agent of reproductive failure in cattle in RS.

  14. Scrapie e seu diagnóstico diferencial em ovinos no Mato Grosso do Sul Scrapie and differential diagnosis in sheep in Mato Grosso do Sul, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Héllen M. Martins

    2012-12-01

    Full Text Available Scrapie é uma doença infecciosa, neurodegenerativa fatal, causada pelo príon scrapie (PrPsc. Apresenta-se tanto na forma clássica em ovinos e caprinos geneticamente susceptíveis quanto na forma atípica em ovinos. A primeira notificação oficial do Brasil à Organização Mundial de Saúde Animal (OIE, um caso da forma clássica diagnosticado no Rio Grande do Sul ocorreu em 1985, mas a doença já havia sido diagnosticada no mesmo Estado em 1978. Este trabalho objetivou descrever dois surtos de Scrapie em ovinos em Mato Grosso do Sul (MS, Brasil e investigar, por meio de imuno-histoquímica (IHQ a presença de PrPsc no Sistema Nervoso Central (SNC de ovinos examinados entre 2003 e 2010. Na primeira parte observaram-se dois ovinos com sinais clínicos típicos de scrapie, detalhando-se os sinais neurológicos, dados epidemiológicos, histopatológicos e amostras teciduais em duplicata desses ovinos foram encaminhadas para realização de diagnóstico de Raiva e para diagnóstico IHQ para príon. Na segunda parte realizou-se levantamento de laudos de necropsia e diagnósticos histopatológicos de ovinos, no período de maio de 2003 a março de 2010. Amostras de sistema nervoso central de 51 casos foram selecionados, incluindo os dois já com diagnóstico de Scrapie mencionados acima; os tecido de todos esses ovinos foram submetidos à IHQ para detecção de proteína priônica. Os 49 ovinos avaliados apresentaram resultado negativo na IHQ para príon.Scrapie is a fatal neurodegenerative infectious disease, caused by the scrapie prion (PrPsc, that can both in the as the classic form in genetically susceptible sheep and goats and in the atypical form in sheep. The first official notification of scrapie from Brazil was made to the World Organization for Animal Health (OIE in 1985, in the state of Rio Grande do Sul, although the disease was first documented in this Brazilian state in 1978. The objective this paper was to describe two outbreaks

  15. Comportamento ingestivo de vacas em lactação e de ovinos alimentados com dietas contendo palma forrageira Ingestive behavior of lactating cows and sheep fed diets with spineless cactus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Safira Valença Bispo

    2010-09-01

    Full Text Available Foram realizados dois experimentos, o primeiro com o objetivo de avaliar o efeito da substituição do feno de capim-elefante por palma forrageira e o segundo para avaliar o efeito da substituição total do milho, e parcial da soja, por palma e ureia sobre o comportamento ingestivo de ovinos e de vacas em lactação, respectivamente. No experimento 1, foram utilizados cinco ovinos machos, não-castrados, sem raça definida, com peso médio de 25,8 kg, distribuídos em quadrado latino 5 x 5. No experimento 2, foram utilizadas 8 vacas em lactação, com produção média inicial de 14 kg leite/dia, distribuídas em dois quadrados latino 4 x 4. A observação dos dados comportamentais foi realizada visualmente, durante 24 horas, em ambos os experimentos. No experimento 1, com a inclusão da palma forrageira, os consumos de matéria seca, o tempo de alimentação e as eficiências de ruminação aumentaram linearmente, ao passo que o tempo de ruminação reduziu, linearmente também; o consumo de fibra em detergente neutro (FDN e as eficiências de alimentação apresentaram comportamento quadrático. No experimento 2, a inclusão de palma e ureia não influenciou os consumos de matéria seca e FDN nem os tempos de alimentação e ruminação e as eficiências de alimentação e de ruminação (kgMS/hora, no entanto, a eficiência de ruminação (kg FDN/hora apresentou comportamento quadrático. O tempo de mastigação total e o tempo de ócio não foram influenciados pela inclusão de palma na dieta nos dois experimentos. Recomenda-se para ração de ruminantes com alta proporção de palma forrageira a inclusão de uma fonte de fibra fisicamente efetiva.It was carried out two experiments, the first aiming to assess the effect of substituting elephant grass hay by spineless cactus and the second to evaluate the total replacement of corn and partial replacement of soybean by cactus and urea regarding to the ingestion behavior of sheep and lactating

  16. Unidade de Estudos de Mastites em Pequenos Ruminantes - estudos em ovinos de regime extensivo

    OpenAIRE

    Queiroga, Cristina; Potes, Maria Eduarda; Duarte, Elsa Maria; Marinho, Artur; Bettencourt, Carlos Manuel; Matos, Claudino; Belo, Carlos Carmona; Ribeiro, José Manuel; Vilela, Cristina Lobo

    2007-01-01

    A “Unidade de Estudo de Mastites em Pequenos Ruminantes”, formalmente constituída no âmbito do Programa Nacional de Re-equipamento Científico, da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, vem dar corpo ao trabalho de colaboração de diversas equipas de investigação que se têm debruçado sobre a problemática das infecções intramamárias em pequenos ruminantes, nos seus aspectos de saúde animal, saúde pública veterinária e qualidade e segurança alimentar. Tem como principal objectivo criar condições...

  17. Colopexia em ovinos da raça Dorper com prolapso retal Colopexy in Dorper lambs with rectal prolapse

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Graziela Kopinits de Oliveira

    2009-04-01

    Full Text Available Prolapso de reto é afecção comum em ovinos de cauda curta. Neste trabalho relata-se a técnica de colopexia para redução de prolapso retal em trinta ovinos da raça Dorper, dos quais, três vieram a óbito no período pós-operatório e três tiveram que ser sacrificados, pois além de apresentarem recidiva, um deles era idoso, e os outros três por se encontrarem bastante debilitados. Aos 15 dias após a cirurgia, cinco animais apresentaram recidiva do prolapso, sendo a colopexia refeita em três deles tendo bom resultado em apenas um, e os outros dois foram sacrificados. Aos 30 dias de pós-operatório um animal apresentou prolapso retal, os outros dezenove (63,3% estavam em adequado estado físico. A realização de colopexia é uma alternativa para o tratamento de prolapso retal em ovelhas da raça Dorper, porém recidivas e complicações são comuns.Rectal prolapse is a common affection in lambs of short tail. This study aimed at reporting the colopexy to reduce the rectal prolapse in Dorper lambs. Thirty animals were submitted to surgery and three of them died in the postoperative period. Three animals had to be sacrificed, because they have shown prolapse recurrence (one of them was old, and the other three were in a strong debilitated state. At 15 days after the surgery, five animals showed prolapse recurrence and the colopexy was performed again in three having good results in only one, the other two were sacrificed. At the 30 postoperative days, an animal showed rectal prolapse signals, the other nineteen animals (63,3% were healthy. The colopexy use is an option to rectal prolapse treatment in Dorper lambs, although, recurrences and complications are expected.

  18. Intoxicação experimental aguda por Senecio brasiliensis em ovinos e indução de resistência à intoxicação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabiane B. Grecco

    2012-09-01

    Full Text Available Ovinos são mais resistentes à intoxicação por Senecio spp. que bovinos e equinos. Para determinar se essa resistência é induzida pela ingestão de pequenas e repetidas doses da planta e se essa resistência é duradoura, foram realizados três experimentos com folhas e talos verdes de Senecio brasilienses. Para determinar a dose mínima que causa intoxicação aguda (experimento 1, foram administradas doses únicas de 60, 80, 90, 100 e 100g/kg de peso corporal (pc a cinco ovinos, respectivamente. Os animais que receberam 60 e 80 g/kg de pc de S. brasiliensis não adoeceram, porém o ovino que recebeu 80g/kg de pc apresentava fibrose e megalocitose discretas nas biópsias realizadas aos 90, 120 e 150 dias do término da administração da planta. Os ovinos que receberam 90 e 100g/kg de pc apresentaram anorexia, prostração, movimentos de pedalagem, dor abdominal e morte 12-48 horas após o aparecimento dos sinais clínicos. Na necropsia havia ascite, petéquias disseminadas e acentuação do padrão lobular hepático. Histologicamente havia necrose hemorrágica centro-lobular. No Experimento 2 a dose capaz de causar a intoxicação aguda foi fracionada e administrada em duas, cinco e 10 doses diárias para 3 ovinos, respectivamente. A dose tóxica fracionada não provocou sinais clínicos de intoxicação em nenhum dos ovinos, porém havia fibrose periportal e megalocitose moderadas nas biopsias realizadas aos 60 dias do término da administração da planta, as quais não evoluíram. O ovino que recebeu a dose fracionada em 10 administrações não apresentou lesões histológicas nas biópsias. Para determinar se os ovinos tornam-se resistentes à forma aguda da intoxicação (experimento 3, foram administradas doses diárias de 15g/kg de pc por 30 dias e 30g/kg de pc por 10 dias a quatro ovinos. No dia seguinte à última administração dois ovinos receberam a dose única de 100g/kg de pc de S. brasiliensis, mas não adoeceram nem

  19. PERFIL HEMATOLÓGICO E BIOQUÍMICO DE OVINOS SUPLEMENTADOS COM SALINOMICINA SUBMETIDOS À ACIDOSE LÁCTICA RUMINAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aerlem Cynnara Vieira

    2012-06-01

    Full Text Available Twelve sheep were distributed into two groups, control (CG and salinomycin (SG, to study clinical, hematological and biochemical alterations in sheep supplemented with the ionophore and to evaluate its effect in preventing experimental lactic ruminal acidosis which was induced with sucrose. Variables were analyzed at intervals of 4h, 8h, 12h, 16h, 24h, 32h and 48h post-induction (PI. The enzymes AST, GGT, ALP and CK were determined, and seric total protein (TP, albumin, urea, creatinine, blood count, total plasmatic protein (TPP, fibrinogen (PF, glucose and L-lactate were quantified. Clinical manifestations of lactic acidosis and lower ruminal pH values were observed 8h PI, with (P <0.05 in SG compared to the basal moment. Neutrophils showed higher scores (P <0.05 in CG compared to SG 4h PI. The PF reached significant values (P <0.05 in CG 48h PI compared to SG. Urea decreased (P <0.05 in both groups 12h PI. Glucose increased (P <0.05 when compared to CG at basal moment. There was a decrease (P <0.05 at urinary pH 12h up to 48h PI, compared to 0h time in CG, while the SG decreased (P <0.05 just at moments 12h and 16h PI. Salinomycin did not prevent acidosis, however, favored the reestablishment of the animals that received it.

  20. Consumo e digestibilidade de subprodutos do processamento de frutas em ovinos

    OpenAIRE

    Lousada Junior,José Edilton; Neiva,José Neuman Miranda; Rodriguez,Norberto Mário; Pimentel,José Carlos Machado; Lôbo,Raimundo Nonato Braga

    2005-01-01

    Esta pesquisa foi realizada objetivando-se avaliar o valor nutritivo de subprodutos do processamento de frutas. Foram estudados subprodutos de abacaxi, acerola, goiaba, maracujá e melão, utilizando-se 20 ovinos machos castrados, com peso médio de 34,5 kg. Adotou-se o delineamento experimental inteiramente casualizado, com cinco tratamentos (subprodutos) e quatro repetições. Os consumos de matéria seca (CMS) dos subprodutos de goiaba, maracujá e melão foram semelhantes, porém superiores ao CMS...

  1. Intoxicação natural por Brachiaria spp. em ovinos no Brasil Central Brachiaria spp. poisoning in sheep in Central Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanessa S. Mustafa

    2012-12-01

    Full Text Available Brachiaria spp. é a principal forrageira utilizada para ruminantes no Brasil Central, mas a sua toxicidade, devida à presença de saponinas esteroidais, torna-se um importante entrave à sua utilização. Neste trabalho descrevem-se 34 surtos e um foco de intoxicação por Brachiaria spp em ovinos, que ocorreram em diferentes épocas do ano. A morbidade geral foi de 23,2% e a letalidade foi 88,3%. O tempo que os animais permaneceram no pasto até o surgimento dos sinais clínicos da intoxicação por Brachiaria spp. variou de 15 dias até mais de 12 meses. Em 90,1% dos surtos os animais eram menores de 12 meses de idade. O curso clínico da intoxicação variou de 2 a 45 dias. Os sinais clínicos e as lesões macroscópicas foram características de fotossenssibilização hepatógena, no entanto, nos casos mais agudos não foram observadas dermatite nem icterícia, ocorrendo severo edema em face e orelhas. Na histologia do fígado as lesões mais características foram a presença de macrófagos com citoplasma espumoso, encontrados principalmente nos sinusoides hepáticos e, às vezes, com imagens negativas de cristais acutiformes no citoplasma. Em oito das 11 fazendas visitadas os surtos ocorreram em pastagens de Brachiaria decumbens; em duas em pastagens de B. brizantha e uma em pastagem de B. decumbens, B. humidicola e Andropogon sp. As concentrações de saponinas nas pastagens, em 5 surtos, variou de 0.3% a 2.56%. As informações geradas neste trabalho permitem a proposta de medidas para controle e profilaxia da intoxicação por Brachiaria spp. no Brasil Central.Brachiaria spp. is the main pasture for ruminants in Central-Brazil, but the crucial problem for their utilization is the toxicity due to the presence of steroidal saponins. This paper reports 35 outbreaks of poisoning by Brachiaria spp in sheep. The poisoning occurred in different seasons of the year. Mean morbidity was 23.2% and mean lethality was 88.3%. The occurrence of

  2. Consumo e digestibilidade de subprodutos do processamento de frutas em ovinos Intake and dry matter digestibility of by-products of fruit processer in sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Edilton Lousada Junior

    2005-04-01

    Full Text Available Esta pesquisa foi realizada objetivando-se avaliar o valor nutritivo de subprodutos do processamento de frutas. Foram estudados subprodutos de abacaxi, acerola, goiaba, maracujá e melão, utilizando-se 20 ovinos machos castrados, com peso médio de 34,5 kg. Adotou-se o delineamento experimental inteiramente casualizado, com cinco tratamentos (subprodutos e quatro repetições. Os consumos de matéria seca (CMS dos subprodutos de goiaba, maracujá e melão foram semelhantes, porém superiores ao CMS do subproduto de acerola. Os maiores consumos de proteína bruta (CPB foram observados com maracujá e melão (g/animal/dia, g/UTM, enquanto acerola apresentou menor CPB. O subproduto de goiaba apresentou maior consumo de fibra em detergente neutro (CFDN e fibra em detergente ácido (CFDAe o de maracujá, maior coeficiente de digestibilidade aparente da matéria seca (DMS. Os subprodutos de acerola e goiaba apresentaram DMS inferior aos demais. Os coeficientes de digestibilidade aparente da proteína bruta dos subprodutos de maracujá e melão foram superiores aos demais subprodutos. Quanto aos coeficientes de digestibilidade da fibra em detergente neutro (DFDN e da fibra em detergente ácido (DFDA, os subprodutos de acerola e goiaba mostraram-se inferiores, enquanto o subproduto de maracujá apresentou DFDA e DFDN superiores aos demais subprodutos. Não foram observadas diferenças para o balanço de nitrogênio entre os subprodutos estudados. Os resultados comprovaram que os subprodutos de abacaxi, maracujá e melão podem ser utilizados na alimentação de ruminantes, enquanto os subprodutos de acerola e goiaba apresentaram baixos coeficientes de digestibilidade, limitando sua utilização para ruminantes.This work was carried out aiming to evaluate the nutritive value of byproducts of fruit processor. Byproducts of pineapple, west indian cherry (WIC, guava, passion fruit and melon were evaluated. Twenty sheep castrated males, with average weight

  3. Intoxicação espontânea e experimental por Pterodon emarginatus (Fabaceae Faboideae) em bovinos e experimental em ovinos

    OpenAIRE

    Cruz, Raquel A.S.; Oliveira, Leonardo P. de; Caldeira, Flavio H.B.; Mendonça, Fábio S.; Bacha, Flávia B.; Pott, Arnildo; Lemos, Ricardo A.A.; Colodel, Edson M.

    2012-01-01

    Relatam-se mortalidades de bovinos nos Estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul relacionadas ao consumo de folhas de Pterodon emarginatus. Três surtos ocorreram no período de seca na região Centro-Oeste, após a queda de árvores devido a ventos fortes ou após serem derrubadas para aproveitamento da madeira. Morreram 40 bovinos em três diferentes surtos. A intoxicação foi reproduzida com administração de folhas de P. emarginatus; a dose tóxica mínima foi 20g/kg para ovinos e 6g/kg para bovin...

  4. Ocorrência de raiva em ovinos no Rio Grande do Sul Occurrence of rabies in sheep in Rio Grande do Sul, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel R. Rissi

    2008-10-01

    Full Text Available Descreve-se a ocorrência de raiva em ovinos na região Central do Rio Grande do Sul em novembro de 2003. Foram afetados dois ovinos de raça mista, um macho de três meses e uma fêmea de 2,5 anos de idade que apresentaram sinais clínicos com evolução de cinco dias e caracterizados por dificuldade de locomoção, tremores musculares, decúbito lateral, convulsões, opistótono e febre. Histologicamente havia mielomeningoencefalite não-supurativa, associada a inclusões eosinofílicas intracitoplasmáticas (corpúsculos de Negri em neurônios nos dois ovinos afetados. Em um ovino em que o gânglio de Gasser foi examinado, havia ganglionite não-supurativa. As lesões concentravam-se predominantemente na substância cinzenta da medula espinhal, no tronco encefálico e no cerebelo. Antígeno viral foi detectado em seções selecionadas de ponte e bulbo submetidas ao teste de imuno-histoquímica utilizando anticorpo policlonal anti-ribonucleoproteína do vírus da raiva. Os casos ocorreram em meio a um surto de raiva bovina transmitida por morcegos e foram considerados, com bases epidemiológicas, como transmitidos da mesma forma, como ocorre na raiva endêmica de bovinos no Rio Grande do Sul.Cases of rabies in sheep occurring in November 2003, in central Rio Grande do Sul state, Brazil, are described. A 3-month-old male, and a 2.5-month-old female sheep were affected. Clinical signs were characterized by abnormal gait, trembling, lateral recumbency, convulsion, opisthotonus, and fever. Histological findings included a non-suppurative myelomeningoencephalitis associated with intracytoplasmic eosinophilic inclusion (Negri bodies in neurons. Lesions were predominantly observed in gray matter of the spinal cord, brainstem and cerebellum. There was non-suppurative Gasserian ganglionitis in one sheep in which this structure was examined. Immunohistochemistry using rabies virus ribonucleoprotein polyclonal antibody yelded positive result in brain

  5. Paratuberculose em ruminantes no Brasil Paratuberculosis in ruminants in Brasil: a review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elise M. Yamasaki

    2013-02-01

    Full Text Available A paratuberculose ou doença de Johne é uma enterite granulomatosa causada por Mycobacterium avium subsp. paratuberculosis (Map e comumente afeta ruminantes domésticos, no entanto, pode infectar várias espécies de mamíferos. Está presente nos cinco continentes e é considerada endêmica em algumas regiões pela Organização Internacional de Epizootias (OIE. Pertence à lista de enfermidades notificáveis, que compreende as doenças transmissíveis de importância sócio-econômica e/ou em saúde-pública, cujo controle é necessário para o comércio internacional de animais e alimentos de origem animal. A importância da doença de Johne não se restringe somente aos preju��zos econômicos causados à indústria animal, mas também na possível participação do Map na íleocolite granulomatosa que afeta seres humanos, conhecida como doença de Crohn. No Brasil, a paratuberculose já foi descrita em diversas espécies de ruminantes e em vários estados. Embora os relatos naturais da enfermidade sejam pontuais, acredita-se na possibilidade da transmissão interespecífica e na disseminação do agente através da compra e venda de animais infectados. O objetivo deste artigo foi reunir as informações disponíveis referentes aos aspectos epidemiológicos, clínico-patológicos e laboratoriais da paratuberculose em bovinos, bubalinos, caprinos e ovinos no Brasil, e salientar a necessidade de implementação de medidas de controle sanitário da enfermidade no país, o que possibilitaria a melhoria da qualidade e valorização dos produtos de origem animal no mercado internacional.Paratuberculosis also known as Johne's disease, is a granulomatous enteritis caused by Mycobacterium avium subsp. paratuberculosis (MAP, an acid-fast bacillus that preferentially resides within host intestinal macrophages. The condition is most commonly seen in domestic ruminants, however MAP can also infect other mammalian species. Paratuberculosis shows a

  6. Infecção aguda e latente em ovinos inoculados com o herpesvírus bovino tipo 5 (BHV-5

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silva Adriana M.

    1998-01-01

    Full Text Available Infecção experimental de ovinos com o herpesvírus bovino tipo 5 (BHV-5 reproduziu vários aspectos da infecção pelo BHV-5 em bovinos. Inoculação intranasal foi seguida de extensiva replicação viral na cavidade nasal, excreção e transmissão do vírus a outros animais, estabelecimento e reati-vação de latência, e o desenvolvimento de meningoencefalite clínica em um animal. Ovinos inoculados com a amostra brasileira EVI-88 apresentaram hipertermia transitória, hiperemia da mucosa nasal e corrimento nasal de seroso a muco-purulento. Os animais eliminaram vírus em secreções nasais em títulos de até 107,11DICC50/ml por até 16 dias. Um cordeiro apresentou sinais clínicos de encefalite no dia 10 pós-inoculação, sendo sacrificado in extremis no início do dia 13. Infectividade foi detectada em várias regiões do encéfalo desse animal, incluindo os hemisférios anterior e posterior, córtex dorso- e ventro-lateral, ponte, pedúnculo cerebral, cerebelo e bulbo olfatório. Alterações histológicas foram observadas em várias regiões do encéfalo, principalmente no hemisfério anterior, córtex ventro-lateral e pedúnculos cerebrais, e consistiram de meningite mononuclear, manguitos perivasculares, gliose focal, necrose e inclusões intranucleares em neurônios . Quatro ovinos mantidos como sentinelas adquiriram a infecção e eliminaram vírus a partir do final do segundo dia, até 7 dias. Ovinos inoculados com a amostra argentina A663 apresentaram apenas hiperemia e umidecimento da mucosa nasal, embora eliminassem vírus nas secreções nasais por até 15 dias. Tratamento dos animais com dexametasona a partir do dia 50 pós-inoculação provocou reativação da infecção latente e eliminação viral durante até 11 dias por 76,9% (10/13 dos animais inoculados e por 100% (3/3 dos animais sentinela. Esses resultados demonstram que ovinos são susceptíveis à infecção aguda e latente pelo BHV-5 e sugerem que infec

  7. Importância da intoxicação por Amorimia pubiflora (Malpighiaceae em bovinos em Mato Grosso: reprodução experimental da intoxicação em ovinos e bovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marciel Becker

    2013-09-01

    Full Text Available No município de Colniza, Mato Grosso, a principal limitação para expansão pecuária é a ocorrência de "morte súbita" em bovinos, com registros de mortalidade próxima a 50% dos animais. Em visitas realizadas em áreas de ocorrência do problema, nos anos de 2004, 2011 e 2012, constatou-se que havia coincidência entre a ocorrência de "mortes súbitas" no rebanho e a presença de Amorimia pubiflora nas pastagens. As mortes ocorrem durante todo ano, porém acentuam-se no início do período das chuvas, quando há maior quantidade de brotação nas áreas de pastoreio. A intoxicação foi reproduzida em ovinos e bovinos através da administração de folhas jovens coletadas em dois períodos do ano, e, em ovinos, através de folhas maduras e dos frutos. Nos ovinos que morreram, as primeiras manifestações clínicas foram observadas entre 34min e 17h34min após a administração da planta e a evolução clínica foi de 3min a 15h20min, com uma fase final superaguda de 3 a 21min. As principais alterações clínicas encontradas foram taquicardia, evidenciação da jugular, tremores musculares, apatia e relutância à movimentação. Todos os sinais acentuavam-se após a movimentação. A fase final superaguda foi caracterizada por relutância para caminhar, cifose, tremores e contrações musculares generalizadas, principalmente de membros, cabeça e pescoço. Notou-se também taquipneia com respiração abdominal, decúbito esternal e rapidamente lateral ou quedas em decúbito lateral, opistótono, nistagmo e cianose de mucosa oral, seguidos de morte. As folhas jovens, independentemente do período da coleta, foram mais tóxicas; causaram a morte de ovinos a partir de 2g/kg e de um bovino que ingeriu 3g/kg. Já as folhas maduras revelaram-se tóxicas e causaram morte na dose de 20g/kg e os frutos ocasionaram a morte de um ovino que ingeriu 5g/kg. Concluímos que monofluoracetato de sódio (MFA, encontrado na concentração de 0,015% nas

  8. Cobre no controle da verminose gastrintestinal em ovinos Copper on the control of gastrintestinal nematodes in sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Isabel Gonçalves de Gonçalves

    2004-02-01

    Full Text Available Este estudo teve o objetivo de verificar o tempo de proteção do cobre contra reinfecções por helmintos gastrintestinais de ovinos em pastejo. Foram utilizados 32 ovinos da raça Corriedale, com aproximadamente 18 meses de idade, mantidos em campo nativo naturalmente contaminado por trichostrongilídeos. Os animais foram pesados e dosificados. Após, foram alocados a quatro grupos experimentais: T I (tratado com cobre e necropsiado no 28ºdia; T II (sem cobre e necropsiado no 28º dia; T III (tratado com cobre e necropsiado no 56ºdia; T IV (sem cobre e necropsiado no 56º dia. Os grupos T I e T III receberam, via oral, uma cápsula gelatinosa de quatro gramas, contendo 3,4 gramas de óxido de cobre. Os ovinos foram avaliados semanalmente através de contagem de ovos por grama de fezes (OPG, volume globular (VG, aspartato aminotransferase (AST e concentrações de cobre no plasma. Ao abate, foram determinados: carga parasitária, concentrações de cobre no fígado e peso dos fígados. Os resultados demostraram que os níveis de cobre no plasma não tiveram alterações significativas (P>0,05 entre os diversos tratamentos. Quanto aos níveis de cobre detectados no fígado dos animais abatidos observou-se que os lotes medicados com cobre, apresentaram níveis mais elevados que os não medicados (Pe TII. Quanto à avaliação do OPG, não foram observadas diferenças significativas entre os grupos (P>0,05. Com relação aos parasitos gastrintestinais, detectou-se que a administração de cobre contribuiu significativamente para uma menor reinfecção apenas pelo Haemonchus contortus e somente nos animais abatidos na quarta semana após o tratamento, quando a redução foi de 60% nos medicados (P0,05. Com base nesses resultados, podemos concluir que 3,4 gramas de óxido de cobre podem ser efetivas na redução das reinfecções por H. contortus, durante quatro semanas sem causar toxicidade para ovinos criados extensivamente.The aim of this work

  9. Rumen ciliated protozoa of crossbred sheep kept in natural pasture of caatinga Protozoários ciliados do rúmen de ovinos mestiços mantidos em pastagem natural de caatinga

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ângela Maria Vieira Batista

    2008-06-01

    Full Text Available Effects of the sampling time and ruminal pH on the concentration of ciliate protozoa in the rumen of five fistulated Santa Inez crossbred sheep, reared in natural caatinga (scrubland pasture were evaluated. Ruminal content samples were obtained at zero hour (before the animals were released to the pasture, at 7:00h and 2, 4, 6, 8 and 10 hours thereafter. Samples were fixed in formalin at 18.5% (v/v. It was identified and quantified organisms of the genera Dasytricha, Diplodinium, Diploplastron, Entodinium, Eodinium, Elytroplastron, Enoploplastron, Epidinium, Eremoplastron, Eudiplodinium, Isotricha, Metadinium and Ophryoscolex. Among them, only Diploplastron and Entodinium presented variations at their population concentrations in function of the sampling time. The number of ciliates undergoing division was not correlated with the sampling times. Stable division rate seemed to contribute the maintenance of ciliates concentrations in the rumen. Ruminal pH was negatively correlated with sampling time, and was not correlated with the number of protozoa, probably because the variations observed included parameters considered ideal for establishment and maintenance protozoa populations of rumen.Foram avaliados os efeitos do tempo de amostragem e do pH ruminal sobre a concentração de protozoários ciliados no rúmen de cinco ovinos mestiços Santa Inês, fistulados no rúmen, mantidos extensivamente em pastagem natural de caatinga no município de Sertânia, PE. As amostras de conteúdo ruminal foram obtidas nos seguintes horários: zero hora (antes dos animais serem soltos na pastagem, às 7:00h e 2, 4, 6, 8 e 10 horas depois de iniciado o pastejo. As amostras obtidas foram fixadas em formalina 18,5% (v/v. Foram identificados e quantificados organismos dos gêneros Dasytricha, Diplodinium, Diploplastron, Entodinium, Eodinium, Elytroplastron, Enoploplastron, Epidinium, Eremoplastron, Eudiplodinium, Isotricha, Metadinium e Ophryoscolex, sendo que

  10. Carcinoma de células escamosas em bovinos, ovinos e eqüinos: estudo de 50 casos no sul do Rio Grande do Sul

    OpenAIRE

    Adriano Tony Ramos; Diego Mollerke Norte; Fabiana Elias; Cristina Gevehr Fernandes

    2007-01-01

    O carcinoma de células escamosas (CCE) é um tumor maligno dos queratinócitos. O desenvolvimento desse tipo de tumor está associado a muitos fatores, incluindo a exposição prolongada à luz ultravioleta, falta de pigmento na epiderme, perda de pêlos ou cobertura de pêlos muito esparsa nos locais afetados. Realizou-se um estudo retrospectivo dos casos de carcinoma de células escamosas em animais de produção (bovinos, ovinos e eqüinos) de 1978 a 2002. O material foi obtido nos arquivos do Laborat...

  11. Supplemental energy sources for Santa Inês sheep grazing on urochloa grass in the dry season Fontes energéticas suplementares para ovinos Santa Inês em pastagens de capim urocloa na época seca

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alana Batista dos Santos

    2011-03-01

    Full Text Available The trial aimed to evaluate the effect of feeding of 1% body weight of concentrate supplementation, formulated with different ingredients (mesquite pod meal , sorghum meal or wheat bran, or without concentrate supplementation on behavioral parameters and cost of production of sheep kept in grazing urocloa grass. We used 24 Santa Inês sheep, non-castrated, weaned with body weight averaging 20 ± 2kg and an average of 120 days of age. The animals were assigned in the four treatments consisting by animals fed forage under deferred grazing of Urochloa grass (Urochloa mosambicensis. The dry matter intake was significant and the values were higher to the animals what receive concentrate supplement. The differences in the dry matter intake did not affect the feeding activity, already the time of grazing had a higher value for the animals without concentrate supplementation, in compared with other. The time of rumination was higher for treating without concentrate supplementation . The number of ruminated bolus (nº/day and chewing time/bolus (sec were not affected. The feeding efficiency (g DM/hours and rumination efficiency (g DM/hours were lower for the treatment without concentrate supplementation . The economic result was positive for all treatments with concentrate supplementation, however, the without concentrate supplementation treatment showed negative revenue. The concentrate supplementation positively influences the efficiency of feeding that reflects in minor time grazing, being that the economic return depends on the price and availability of fed.Objetivou-se avaliar os efeitos do fornecimento de 1% do peso corporal de suplementação concentrada, formulada com diferentes ingredientes (farelo da vagem de algaroba, farelo de sorgo ou farelo de trigo, ou sem suplementação concentrada sobre os parâmetros comportamentais e custo de produção de ovinos mantidos em pastagem de capim urocloa. Foram utilizados 24 ovinos Santa Inês, n

  12. Conidiobolomicose causada por Conidiobolus lamprauges em ovinos no Estado de Santa Catarina Conidiobolomycosis caused by Conidiobolus lamprauges in sheep in the state of Santa Catarina, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Henrique Furlan

    2010-07-01

    Full Text Available Descreve-se um surto de conidiobolomicose em ovinos no Estado de Santa Catarina. O surto ocorreu entre os meses de dezembro e março de 2006, no município de Santo Amaro da Imperatriz, região litorânea do Estado. A propriedade possuía 75 ovinos da raça Santa Inês e seis desses animais adoeceram. Clinicamente os animais doentes apresentavam dificuldade respiratória, corrimento nasal seroso a mucossanguinolento e, por vezes exolftalmia. Na necropsia verificou-se uma massa amarelada na região etmoidal e adjacências que, às vezes, atingia os linfonodos regionais, cérebro, globo ocular e pleura. Microscopicamente a massa caracterizava-se por infiltrado inflamatório granulomatoso com áreas necróticas associadas a hifas largas pouco ramificadas. Através de exame molecular detectou-se DNA de Conidiobolus lamprauges. Os aspectos clínicos, epidemiológicos, macroscópicos, microscópicos e moleculares caracterizam a conidiobolomicose causada por Conidiobolus lamprauges em ovinos.An outbreak of conidiobolomycosis affecting sheep in the State of Santa Catarina, Southern Brazil is reported. The disease occurred in six Santa Inês breed sheep from a flock of 75 during the rainy season. Common clinical signs were noisy respiration and dyspnea, serous to mucosanguineous nasal discharge and exophthalmus. At necropsy there was a dense yellow mass in the nasopharyngeal area affecting the ethmoidal region, turbinate bones and occasionally limph nodes, central nervous system and pleura. Histopathologycally there was multifocal granulomas whith an eosinophilic necrotic reaction containing ribbon type hyphae similar to zygomycetous fungi. At molecular examination Conidiobolus lamprauges DNA was detected. The clinical, epidemiological, macroscopical, microscopical and molecular aspects characterize conidiobolomycosis caused by Conidiobolus lamprauges in sheep.

  13. O antagonismo com acetamida em experimentos com ovinos, caprinos e coelhos indica monofluoroacetato como princípio tóxico de Pseudocalymma elegans Bignoniaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Michel A Helayel

    2011-10-01

    Full Text Available O presente trabalho teve como objetivo avaliar o efeito protetor da acetamida nas intoxicações experimentais por Pseudocalymma elegans em ovinos, caprinos e coelhos, com a finalidade de comprovar indiretamente que o monofluoroacetato (MF é responsável pelos sinais clínicos e a morte dos animais que ingerem essa planta. Foram realizados experimentos para determinar a dose letal da planta coletada em Rio Bonito, RJ, em diferentes épocas do ano para ovinos e caprinos e ajustar a dose de acetamida a ser administrada. - No primeiro experimento, dois ovinos e dois caprinos receberam 1,0g/kg de P. elegans fresca e um animal de cada espécie foi tratado previamente com 2,0g/kg de acetamida. Nenhum animal apresentou alterações clínicas ou morreu. Ao que tudo indica a planta poderia estar menos tóxica, já que foi coletada no fim da estação das águas. - No segundo experimento, dois ovinos e dois caprinos receberam 0,67 e 1,0g/kg da planta dessecada, após tratamento prévio, com 2,0 e 3,0g/kg de acetamida, respectivamente. Todos os animais morreram, pois administramos doses muito altas de P. elegans. - No terceiro experimento, dois ovinos e dois caprinos receberam 0,333g/kg de P. elegans dessecada, após administração prévia de 2,0 g/kg de acetamida. Uma semana depois, o protocolo acima foi repetido, porém sem o antídoto. Nos experimentos com coelhos, foram administradas doses de 0,5 e 1,0g/kg de elegans dessecada após a administração de 3,0g/kg de acetamida. Sete dias depois, repetiu-se o protocolo, com exceção da administração de acetamida. Esta, quando administrada previamente, evitou o aparecimento dos sinais clínicos e a morte dos ovinos, caprinos e coelhos, já os animais não tratados com acetamida apresentaram sintomatologia e morreram. Clinicamente, os ovinos e caprinos manifestaram taquicardia, jugulares ingurgitadas, pulso venoso positivo, decúbito esternal e tremores musculares. Na "fase dramática", os animais ca

  14. Distrofia muscular nutricional em ovinos na Paraíba Nutritional muscular dystrophy in sheep in Paraíba

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sara Lucena Amorim

    2005-06-01

    Full Text Available Descreve-se um surto de distrofia muscular nutricional em ovinos no semi-árido Nordestino. Foram afetados animais de 3-4 meses de idade, da raça Dorper, pesando 30-40 kg. Os animais eram alimentados, à vontade, com leite, ração balanceada, capim Tifton e sal mineral. Dos 70 animais Dorper, 6 adoeceram e morreram em um período de 48 horas. Apresentaram temperatura, entre 40 e 41ºC, incoordenação com posterior paralisia e decúbito, depressão, prostração e diminuição dos reflexos pupilar e de ameaça, flacidez da língua e mandíbula, salivação, edema submandibular, dispnéia e aumento da freqüência cardíaca. A morte ocorreu após curso clínico de 6- 12 horas. Na necropsia de 3 animais, os músculos esqueléticos estavam de coloração pálida, o fígado estava aumentado de volume e de coloração amarelada, os gânglios parotídeos, submandibulares, retrofaríngeos, prescapulares e mediastínicos estavam aumentados de volume e avermelhados e os pulmões apresentavam áreas vermelhas. Na histologia havia necrose segmentar de todos os músculos examinados e congestão dos gânglios linfáticos e pulmão. Posteriormente mais três animais adoeceram, sendo tratado com oxitetraciclina e complexo vitamínico A,D e E. Desses 3 animais, 2 morreram e um sobreviveu. Na mesma fazenda havia e não adoeceram 20 ovinos da raça Santa Inês, da mesma idade que os animais afetados, que recebiam a mesma alimentação exceto o leite, e 900 ovinos de outras idades. A superalimentação em animais com rápido crescimento e o estresse causado pela restrição de água durantes 2 dias, para aumentar o consumo de leite, parecem ter sido fatores predisponentes para a ocorrência da doença. É possível, também, que algum dos minerais suplementados tenha antagonizado o Se presente na alimentação.An outbreak of nutritional muscular dystrophy is reported in the semiarid region of northeastern Brazil affecting 3-4 months old Dorper sheep. The animals

  15. Avaliação do kit "TF-Test" para o diagnóstico das infecções por parasitas gastrintestinais em ovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giuliano Lumina

    2006-08-01

    Full Text Available Este estudo teve como objetivos padronizar o kit TF-Test para a quantificação de ovos de parasitas gastrintestinais de ovinos e compará-lo ao método de Gordon & Whitlock modificado (G&W. Vinte quatro cordeiros confinados foram infectados artificialmente com Haemonchus contortus, durante 12 semanas, até o abate, quando foram colhidas amostras fecais e realizada a identificação e contagem dos parasitas abomasais. Nestes animais, ovos de H. contortus foram detectados em 95,8% das amostras fecais por ambos os testes (P>;0,05. Os coeficientes de correlação (r entre a carga parasitária (CP e os valores de OPG obtidos pelos métodos de G&W e TF-Test foram, respectivamente, de r=0,52 e r=0,51 (dados não transformados e r=0,85 e r=0,87 (dados transformados em log. Outras 100 amostras fecais foram colhidas de ovinos naturalmente infectados. Nas amostras destes animais, os testes G&W e TF-Test propiciaram o diagnóstico de ovos de estrongilídeos em 85% e 86% das amostras, respectivamente (P>;0,05. Pelo TF-Test e pelo G&W, oocistos de Eimeria foram detectados em 33% e em 12% das amostras (P<0,001 e ovos de Strongyloides spp. em 15% e 5% das amostras, respectivamente (P<0,05. Ambos os testes foram precisos para o diagnóstico de estrongilídeos gastrintestinais, porém, o TF-Test foi superior para o diagnóstico de oocistos de Eimeria spp. e de ovos de Strongyloides spp., mas, por outro lado, subestimou o número de ovos de estrongilídeos presente nas amostras.

  16. DESEMPENHO E DIGESTIBILIDADE DE OVINOS ALIMENTADOS COM FARELO DE CACAU (Theobroma cacao L. EM DIFERENTES NÍVEIS DE SUBSTITUIÇÃO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristina Mattos Veloso

    2006-10-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar o desempenho e digestibilidade aparente de ovinos alimentados com dietas contendo farelo de cacau em substituição ao concentrado (milho e farelo de soja. Utilizaram-se dezesseis ovinos Santa Inês, fêmeas, não prenhes, não lactantes, com peso médio inicial de 25 kg e aproximadamente doze meses de idade, mantidos em baias individuais. O experimento teve a duração de 78 dias, sendo 15 de período pré-experimental e 63 dias de período experimental. Forneceram-se as dietas em mistura completa, na proporção 50:50% (volumoso:concentrado,sendo utilizado como volumoso o feno da parte aérea da mandioca, com níveis de inclusão de farelo de cacau no concentrado de 0%, 10%, 20% e 30%. Forneciam-se dietas pela manhã, sendo ajustadas de forma a sobrar 10%. Semanalmente, coletaram-se as sobras e amostras de alimentos para análises laboratoriais. Avaliaram-se o consumo, o ganho médio diário de peso, a conversão alimentar e a digestibilidade aparente. A inclusão do farelo de cacau não promoveu diferença nos consumos de matéria seca, proteína bruta e fibra em detergente neutro, no ganho de peso médio diário,na conversão alimentar e digestibilidade dos nutrientes. O consumo de fibra em detergente ácido aumentou linearmente com a inclusão do farelo de cacau na dieta. PALAVRAS-CHAVE: Alimentação, concentrado, confinamento, ruminante, subproduto.

  17. Serological survey of Neospora caninum in small ruminants from Pernambuco State, Brazil Inquérito sorológico de Neospora caninum em pequenos ruminantes do estado de Pernambuco, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Amélia Santos Mucalane Tembue

    2011-09-01

    Full Text Available Neospora caninum infection is an important cause of bovine abortion as well as neonatal mortality in goats and sheep. A serological survey for antibodies against N. caninum in goats and sheep was carried out in the municipality of Ibimirim, PE, Northeastern Brazil. The imunnofluoresce antibody test showed that 26.6% (85/319 of the goats and 64.2% (52/81 of the sheep were positive. Serologic reactivity was associated with age in goats (p 0.05, with increasing rates in older animals. These results indicate exposure to N. caninum among small ruminants in the study area.A infecção por Neospora caninum é uma importante causa de abortos em bovinos, assim como mortalidade neonatal em caprinos e ovinos. Uma pesquisa sorológica de anticorpos anti-N. caninum foi realizada no município de Ibimirim (PE, Brasil. Os resultados ao teste de imunofluorescência revelaram que 26,6% (85/319 dos caprinos e 64,2% (52/81 dos ovinos foram positivos. A reatividade à sorologia foi associada com a idade nos caprinos (p 0,05, com maior ocorrência nos animais mais velhos. Estes resultados indicam exposição a N. caninum entre pequenos ruminantes na área estudada.

  18. Intoxicação por alcaloides pirrolizidínicos em ruminantes e equinos no Brasil Poisoning by pyrrolizidine alkaloids in ruminants and horses in Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo B. Lucena

    2010-05-01

    Full Text Available Casos de intoxicação por alcaloides pirrolizidínicos (APs em ruminantes e equinos foram investigados retrospectivamente através do acesso aos arquivos de dois laboratórios de diagnóstico veterinário no Sul e Nordeste brasileiro. Os dados obtidos foram comparados com aqueles retirados da literatura concernentes a surtos dessa toxicose no Brasil, onde ela é associada com a ingestão de plantas que contêm APs dos gêneros Senecio, Crotalaria e Echium. Formas aguda e crônica da toxicose foram encontradas. A doença aguda foi observada em associação com a ingestão de Crotalaria retusa em ovinos e caprinos. C. retusa e Senecio spp. também foram responsáveis pela intoxicação crônica em bovinos, equinos e ovinos. A intoxicação por APs é uma importante causa de morte em animais pecuários no Brasil. Essa é a principal causa de morte em bovinos na região Central do Rio Grande do Sul e uma das principais causas de morte em equinos na Paraíba. A epidemiologia, os sinais clínicos, a patologia e a importância da intoxicação por APs são descritos e discutidos.Cases of poisoning by pyrrolizidine alkaloids (PAs in ruminants and horses were surveilled retrospectively by accessing the files of two veterinary diagnostic laboratories in southern and northeastern Brazil. The data obtained were compared with those withdrawn from the literature and pertaining to outbreaks of the toxicosis in Brazil where it is associated with the ingestion of PAs-containing plants from the genera Senecio, Crotalaria and Echium. Acute and chronic forms of the toxicosis were encountered. Acute disease was observed in association with the ingestion of Crotalaria retusa in sheep and goats. C. retusa and Senecio spp. were also responsible for chronic poisoning in cattle, horses and sheep. PAs poisoning is an important cause of death in livestock in Brazil. It is the major cause of death in cattle in the Central region of Rio Grande do Sul and one of the major

  19. Nutritional management to improve sheep and goat performances in semiarid regions Manejo nutricional para melhorar o desempenho de ovinos e caprinos em regiões semiáridas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hichem Ben Salem

    2010-07-01

    Full Text Available Small ruminant production is the main source of income of farmers living in arid and semiarid regions. Sheep and goats raised in these areas are generally confronted with severe nutritional deficits during food scarcity period which exacerbate disease and health problems and consequently low productive and reproductive performances. These areas are characterized by rainfall seasonality and scarcity resulting in a low fodder potential. Therefore, native rangelands are degrading due to overgrazing, high stocking rates and mismanagement. Options to improve small ruminant-based production systems include i innovative technologies targeting the increase of feed resources availability, rumen manipulation using natural compounds to boost microbial activity, improving diets' quality, alleviation of feeding cost, and better control of livestock watering. Although this paper is focussing on the benefits from these technical options, we should bear in mind that i the organization of local institutions for better adoption of these technologies and for protecting the main natural resources (rangelands and water and ii the participatory approach involving all partners concerned with the improvement of farmer's income and livelihood are key tools for promoting livestock sector in the target areas. A set of simple, inexpensive and environmentally friendly options that could ameliorate small ruminant production in the semiarid regions are discussed in this paper.A produção de pequenos ruminantes é a principal fonte de renda dos agricultores que vivem em regiões áridas e semiáridas. Ovinos e caprinos criados nessas áreas geralmente enfrentam severas deficiências nutricionais durante o período de escassez de alimentos, que comprometem a sua saúde e, conseqüentemente, resultam em baixo desempenho produtivo e reprodutivo. Estas áreas são caracterizadas pela sazonalidade e escassez das chuvas, que resultam em baixo potencial forrageiro. Além disso, as

  20. Digestibilidade da dieta, parâmetros ruminais e desempenho de ovinos Santa Inês alimentados com polpa cítrica peletizada e resíduo úmido de cervejaria Diet digestibility, ruminal parameters and performance of Santa Ines sheep fed dried citrus pulp and wet brewer grain

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Susana Gilaverte

    2011-03-01

    Full Text Available Dois experimentos foram realizados com o objetivo de avaliar o efeito da substituição do milho por polpa cítrica peletizada e resíduo úmido de cervejaria sobre a digestibilidade aparente dos nutrientes da dieta, os parâmetros ruminais e o desempenho de ovinos. As dietas foram definidas pela substituição do milho (controle pela polpa cítrica peletizada ou pela mistura de resíduo úmido de cervejaria e polpa cítrica. No experimento 1, para avaliação do consumo, da digestibilidade aparente dos nutrientes e dos parâmetros ruminais, foram utilizados 12 machos da raça Santa Inês canulados no rúmen, distribuídos em delineamento experimental de blocos completos casualisados, com três dietas e quatro repetições. No experimento 2, para avaliação do desempenho, foram confinadas 48 fêmeas, que foram alimentadas com as mesmas dietas do experimento 1. A substituição do milho pela polpa cítrica peletizada não influenciou o consumo nem a digestibilidade dos nutrientes da dieta, diferente da inclusão de resíduo úmido de cervejaria, que reduziu o consumo e a digestibilidade aparente dos nutrientes, com exceção apenas da FDN, cuja digestibilidade aparente foi similar entre as dietas. A inclusão de resíduo úmido de cervejaria na dieta reduziu as concentrações ruminais de acetato e propionato e aumentou a relação acetato/propionato e o pH ruminal. Em geral, não há diferença entre a dieta contendo milho e aquela contendo polpa cítrica em substituição total ao milho. A utilização de resíduo úmido de cervejaria, no entanto, reduz o ganho médio diário, o peso corporal final e a eficiência alimentar.Two experiments were carried out with the objective to determine the effect of replacing corn by dried citrus pulp and wet brewer grain on apparent digestibility of nutrients of the diet, ruminal parameters and performance of sheep. The diets were defined by the replacement of corn (control by dried citrus pulp or by a

  1. Intake, apparent nutrient digestibility and ingestive behavior of sheep fed cashew nut meal Consumo, digestibilidade aparente dos nutrientes e comportamento ingestivo em ovinos alimentados com farelo de castanha de caju

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Guimarães Pimentel

    2011-05-01

    ão-fibrosos e nutrientes digestíveis totais não foram influenciados pela adição de FCC, contudo o consumo de fibra em detergente neutro (FDN, fibra em detergente ácido e carboidratos totais apresentaram comportamento quadrático com o aumento no teor de lipídeos da ração. A digestibilidade aparente da MS, matéria orgânica, proteína bruta, FDN, fibra em detergente ácido e carboidratos não fibrosos não foi influenciada pela adição de FCC nas rações, contudo as digestibilidades do extrato etéreo e dos carboidratos totais apresentaram comportamentos quadrático e linear, respectivamente. Não foram observadas diferenças significativas no tempo despendido com alimentação e ruminação, no entanto, o tempo de mastigação total foi influenciado, apresentando comportamento linear crescente com os níveis de FCC. As eficiências de alimentação e ruminação não foram influenciadas pelo aumento no teor de lipídeos das rações, no que se refere aos consumos de MS e FDN por hora. O tempo de mastigação merícica por bolo ruminal, o número de bolos ruminados e o número de mastigações merícicas por dia não foram influenciados pelas rações experimentais. No manejo alimentar de ovinos, caso haja disponibilidade, recomenda-se como alternativa alimentar a utilização de no máximo 30% de FCC na ração concentrada.

  2. Cinética de fósforo com modelos matemáticos em ovinos adultos Phosphorus kinetics using mathematical models for adult sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Helder Louvandini

    2007-10-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar, por meio de modelos matemáticos, o metabolismo de fósforo (P em ovinos adultos suplementados com teores crescentes de farinha de ossos calcinados com 0, 1, 2 e 3 g de P por animal por dia. Esses valores representaram diferentes tratamentos, adicionados à dieta basal com 225 g de concentrado e feno ad libitum. Foram utilizados 16 ovinos, Suffolk, com peso vivo de 38,2±4,35 kg e idade média de 18 meses, mantidos em gaiolas individuais. Após 21 dias, 7,4 MBq do radiofósforo (32P foram injetados em cada ovino, e foram coletados sangue, fezes e urina por oito dias, a fim de determinar o fluxo de P entre três compartimentos: trato gastrintestinal, compartimento central (sangue e tecidos (moles e ósseo. Houve relação linear positiva entre o P consumido e o P absorvido, excretado nas fezes, urina e retenção. A perda endógena fecal de P foi exponencial com o aumento de P da dieta. A elevação do teor de P da dieta interfere nas trocas do mineral para o trato gastrintestinal e urinário, o que indica que 0,82 g de P por dia são suficientes para mantença dessa categoria animal.An experiment was carried out to measure the phosphorus (P flows in adult sheep by mathematical model. The work was conducted with 16 Suffolk sheep, live weight of 38.2±4.35 kg and 18-month aged, kept in individual cage to determine the effect of phosphorus (P intake by adding bone meal (0, 1, 2 and 3 g P per animal per day in the basal diet (225 g the concentrate and hay ad libitum. After 21 days, the lambs were injected with 7.4 MBq of 32P to trace the flows of P in the three compartments gastrointestinal tract, central (blood and tissues (soft and bone. There was a positive relationship between P intake and P absorbed, P faeces, P urinary and P retained. Fecal endogenous loss of the P was exponentially related to P intake. The high levels of P on diet affected the exchanges between gastrointestinal and urinary tract. Results

  3. Sheep poisoning by Panicum dichotomiflorum in northeastern Brazil Intoxicação por Panicum dicotomiflorum em ovinos na região nordeste

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Franklin Riet-Correa

    2009-01-01

    Full Text Available Different species of Panicum, including P. dichotomiflorum,have been reported as a cause of photosensitization in sheep, horses, cattle and goats. An outbreak of hepatogenous photosensitization occurred in 3 flocks of hair sheep in the Brazilian semiarid region. Eighty one out of 365 sheep were affected and 39 died. The main affected animals were nursing lambs and sheep younger than one year old. Donkeys, goats and cattle grazing in the same pasture were not affected. Clinical signs were edema of the head, followed by dermatitis, mainly in the face, ears, and croup, ocular discharge, corneal opacity with blindness, and redness of the coronary band and hoof. At necropsy of one affected lamb the liver was yellowish. Upon histologic examination scattered necrotic hepatocytes were observed in the liver and focal areas of necrosis of myocytes appeared in the heart. Samples of P. dicotomiflorum were analyzed by TLC and those containing saponins were isolated by HPLC using RP-C18 column and eluted with a mixture of MeOH and H2O. The isolated compounds were submitted to ¹H and 13C NMR spectroscopy. Reactions were positive to furostanol saponins with the same Rf of the standard protodioscin (0.21 and methylprotodioscin (0.32. The spectroscopic results indicated a mixture of (25R- and (25S-protodioscin isomers in a proportion of 3:1, and methylprotodioscin.Diferentes espécies de Panicum, incluindo P. dichotomiflorum,causam fotossensibilização em ovinos, eqüinos, bovinos e caprinos. Um surto de fotossensibilização hepatógena ocorreu em 3 rebanhos de ovinos no município de Casa Nova, Bahia. Oitenta e um de 365 ovinos adoeceram e 39 morreram. Cordeiros lactentes e ovinos de menos de um ano foram mais afetados. Jumentos, cabras e bovinos que permaneciam nas mesmas pastagens não foram afetados. Clinicamente observou-se edema da face, seguido por dermatite, principalmente da face, orelhas e garupa, corrimento ocular, opacidade da córnea com cegueira

  4. Alterações clínicas e patológicas em ovinos infectados naturalmente pelo vírus da língua azul no Rio Grande do Sul

    OpenAIRE

    Nadia A.B. Antoniassi; Saulo P. Pavarini; Luiz A.O. Ribeiro; Mariana S. Silva; Eduardo F. Flores; David Driemeier

    2010-01-01

    Língua azul (LA) é uma doença causada pelo vírus da língua azul (VLA) e transmitida por vetores do gênero Culicoides. Estudos sorológicos têm demonstrado a ampla presença do vírus no Brasil; entretanto, informações clínicas da LA na América do Sul são limitadas. Esse trabalho descreve alterações clínico-patológicas em ovinos acometidos pela LA no Sul do Brasil. Em dois surtos, em propriedades distintas, 15 ovinos apresentaram como principais sinais clínicos hipertermia, apatia, aumento de vol...

  5. FREQÜÊNCIA DE AGLUTININAS ANTI-Brucella abortus EM CAPRINOS E OVINOS DO SERTÃO DO ESTADO DE PERNAMBUCO, BRASIL FREQUENCY OF ANTI-Brucella abortus AGGLUTININS IN GOATS AND sheep OF THE “SERTÃO” (BACKLANDS OF THE STATE OF PERNAMBUCO, BRAZIL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vânia Lúcia de Assis Santana

    2008-12-01

    Full Text Available Objetivou-se investigar a freqüência de aglutininas anti-Brucella abortus em caprinos e ovinos do Sertão do Estado de Pernambuco, Brasil. Foram processadas 700 amostras de soros sangüíneos, das quais 340 eram da espécie caprina (115 machos e 225 fêmeas e 360 (136 machos e 224 fêmeas ovina. Empregou-se a técnica do antígeno acidificado tamponado (AAT corado com rosa bengala (RB. Das 340 amostras de caprinos avaliadas, duas (0,6% foram reagentes ao AAT. Não se observaram associações significativas para as variáveis faixa etária (p= 0,430, raça (p= 0,936 e sexo (p= 0,562. Das 360 amostras de ovinos, nove (2,5% foram reagentes. Também não houve associação significativa entre as variáveis analisadas e a soropositividade para brucelose: faixa etária (p= 0,522; raça (p= 0,576 e sexo (p= 0,461. Verificou-se associação significativa (p= 0,042 entre as espécies estudadas e soropositividade para brucelose nos animais investigados. A soropositividade para Brucella abortus em caprinos e ovinos foi descrita pela primeira vez no Sertão de Pernambuco, fato que pode dificultar o sucesso do Programa Nacional de Controle e Erradicação da Brucelose, tendo em vista que nessa região é comum a criação consorciada de pequenos ruminantes com bovinos, além de representar riscos à Saúde Pública.

    PALAVRAS-CHAVES: Brucelose, ovinos, caprinos, pequenos ruminantes, sorodiagnóstico. The objective was to investigate the frequency of anti-Brucella abortus agglutinins in goats and sheep of the backlands of the State of Pernambuco, Brazil. 700 samples of sanguine serums were processed, of which 340 were of the goat (115 males and 225 females and 360 (136 males and 224 females sheep. The technique of the Tamponed Acidified Antigen (AAT dyed with Bengalese Rose (BR was used. Of the 340 samples of goat evaluated two (0.6% were reactive to AAT. Significant associations were not observed for the variable age group (p = 0.430; race (p = 0

  6. Efeitos da suplementação de cromo (Cr) sobre o dempenho produtivo, a população de protozoários e resposta imunitária em ovinos

    OpenAIRE

    Dallago, Bruno Stéfano Lima

    2008-01-01

    O presente trabalho foi desenvolvido com objetivo de determinar a influência da suplementação de cromo (Cr) dietético sobre o desempenho produtivo, população de protozoários ruminais e resposta imunitária em ovinos. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado com quatro tratamentos e seis repetições. Para tanto foram utilizados 24 ovinos inteiros da raça Santa Inês com peso vivo médio inicial de 22,89 ± 2,23 kg e idade aproximada de três meses e 15 dias distribuídos em quatro tra...

  7. Estudo histológico e ultra-estrutural das lesões hepáticas e alterações enzimáticas causadas pela intoxicação por Myoporum laetum em ovinos e bovinos.

    OpenAIRE

    Josiane Bonel Raposo

    2004-01-01

    Amostras de Myoporum laetum foram colhidas durante a primavera e verão e administradas a sete ovinos e seis bovinos em doses únicas de 20 e 30g/kg. Amostras de sangue e biopsias hepáticas foram obtidas destes animais e de 4 ovinos e 3 bovinos controles, antes e 1, 3 e 7 dias após a administração da planta. As biopsias foram analisadas histológica e ultra-estruturalmente. A partir das amostras de sangue analisaram-se os níveis séricos de GGT, AST e bilirrubina total. Os sinais clínicos, em ovi...

  8. Avaliações clínico-patológicas e laboratoriais da intoxicação experimental por monofluoroacetato de sódio em ovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tiago C. Peixoto

    2010-12-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi verificar se a administração de doses únicas e de frações diárias da dose letal de monofluoroacetato de sódio (MF a ovinos induzem a clássica degeneração hidrópico-vacuolar (DHV dos túbulos uriníferos contornados distais observada no rim de bovinos intoxicados por plantas brasileiras que causam "morte súbita" (PBCMS. MF foi administrado, por via oral, em doses únicas de 0,5 e 1,0mg/kg, cada dose para dois ovinos, e em doses subletais repetidas diariamente de 0,1mg/kg/dia, por quatro dias, e 0,2mg/kg/dia por seis dias, cada dose para um ovino. Todos os ovinos que receberam MF morreram, exceto um que recebeu 0,5mg/kg e não mostrou sintomas. A evolução da intoxicação variou de 3min a 33h5min. Clinicamente os animais apresentaram taquicardia, respiração abdominal, tremores musculares, ligeira perda de equilíbrio, por vezes cambaleavam, deitavam e apoiavam a cabeça no flanco. Na fase final, os ovinos caíam em decúbito lateral, esticavam os membros, faziam movimentos de pedalagem, apresentavam opistótono e morriam. O exame ecocardiográfico evidenciou dilatação cardíaca e redução da fração de encurtamento sistólico. A análise dos níveis séricos de uréia e creatinina revelou moderada a acentuada azotemia. MF provocou "morte súbita" em todos os ovinos que mostraram sintomas. À necropsia verificaram-se aurículas e veias jugulares, cavas, ázigos e pulmonares moderadamente ingurgitadas e, em alguns animais, edema pulmonar. O exame histopatológico revelou, em todos os ovinos, leve a acentuada DHV das células epiteliais dos túbulos contornados distais, associada à picnose nuclear. Adicionalmente, verificaram-se discreta vacuolização e, por vezes, necrose de coagulação de hepatócitos. Não encontramos referências a esse tipo peculiar de lesão, exceto das descrições sobre lesões renais associadas à ingestão de PBCMS e de recentes estudos em bovinos intoxicados com MF. Este

  9. Efeito da adição de glutationa na função e estresse oxidativo em sêmen ovino criopreservado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eduardo Gualtieri de Andrade Perez

    2012-08-01

    Full Text Available Os ácidos graxos poli-insaturados garantem fluidez à membrana plasmática do espermatozoide. No entanto, as duplas ligações presentes, os tornam mais susceptíveis aos efeitos nocivos da peroxidação lipídica. A adição do antioxidante Glutationa reduzida (GSH poderia conferir proteção aos espermatozoides de ovinos submetidos à congelação contra os graves danos causados pelo estresse oxidativo. O objetivo do presente experimento foi avaliar se a GSH protege os espermatozoides ovinos criopreservados contra danos causados pelo estresse oxidativo. Foram colhidos ejaculados de quatro carneiros adultos. As análises convencionais foram: concentração, motilidade, vigor e morfologia. As análises funcionais foram: integridade de membrana, integridade acrossomal, integridade de cromatina e atividade mitocondrial. O sêmen foi criopreservado utilizando o diluidor Tris-gema-critrato, suplementado com GSH (controle, 1, 5 e 10 mM. As amostras foram submetidas ao protocolo de peroxidação lipídica induzida e subsequente quantificação das substâncias reativas ao ácido tiobarbitúrico (TBARS. As análises estatísticas foram realizadas utilizando o Sistema SAS para Windows. Não houve efeito do tratamento com GSH sobre as variáveis avaliadas pelos testes convencionais. A GSH diminuiu a proporção de acrossomas íntegros. Amostras tratadas com 5mM de GSH apresentaram menor percentual de células com membranas íntegras quando comparadas às amostras controle e aquelas tratadas com 10 mM; o percentual de células sem atividade mitocondrial foi influenciado pela GSH e também não houve efeito nas TBARS. As amostras do grupo controle foram mais susceptíveis à denaturação da cromatina. Em conclusão, a adição do antioxidante Glutationa reduzida confere proteção ao DNA e à atividade mitocondrial de espermatozoides de ovinos.

  10. Avaliação da silagem de bagaço de laranja com diferentes aditivos por intermédio dos parâmetros de fermentação ruminal de ovinos e contribuição energética dos ácidos graxos voláteis Evaluation of orange peel silage with different additives by rumen fermentation parameters and energy contribution from volatile fatty acids

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luís Carlos Vinhas Ítavo

    2000-10-01

    Full Text Available O bagaço de laranja, com aditivo enzimático microbiano, ácidos fórmico e acético, ensilado por 70 dias, em tubos de concreto com capacidade de 700 kg, foi avaliado por intermédio dos parâmetros de fermentação ruminal, em ensaio experimental realizado com ovinos, machos, alojados em gaiolas metabólicas. O alimento fornecido foi feno de aveia (70% e silagem de bagaço de laranja (30%, com base na MS. O fluido ruminal foi coletado por sonda esofagiana nos tempos 2, 5 e 8 horas após o fornecimento do alimento e antes da alimentação, tomado como tempo zero (0. Foram avaliados pH, N amoniacal, ácidos graxos voláteis (acético, propiônico e butírico e contribuição energética desses ácidos em kcal. Não houve diferença entre os tratamentos para os parâmetros avaliados. As equações de regressão apresentaram comportamento quadrático para todas as características estudadas e as médias dos parâmetros foram: pH, 6,97; N amoniacal, 6,78 mg/100 mL de fluido ruminal e dos AGV; e acético, propiônico e butírico, 45,99; 11,16; e 5,50 mM/mL de fluido ruminal, respectivamente. Os aditivos não alteraram o valor nutricional do alimento, quando avaliados os parâmetros de fermentação ruminais. Entretanto, para a produção de AGV, houve melhor eficiência de transformação (kcal de AGV/kcal de glicose, 72,92% para o tratamento sem aditivo (controle.The orange peel with enzymatic microbial additive, formic or acetic acids was ensiled for 70 days, in concrete tubes with 700 kg of volume capacity, was evaluated by rumen fermentation parameters in a experimental trial using males sheep, housed in metabolic cages. The used diet was oat hay (70% and orange silage (30% on DM base. The ruminal fluid was collected with esophageal tube at 2, 5 and 8 hours after, and before feeding that was taken as zero time (0. The pH, N ammonia, volatile fatty acids (acetic, propionic and butyric and the energy contribution of these acid in kcal were

  11. Carcinoma de células escamosas em bovinos, ovinos e eqüinos: estudo de 50 casos no sul do Rio Grande do Sul

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriano Tony Ramos

    2007-12-01

    Full Text Available O carcinoma de células escamosas (CCE é um tumor maligno dos queratinócitos. O desenvolvimento desse tipo de tumor está associado a muitos fatores, incluindo a exposição prolongada à luz ultravioleta, falta de pigmento na epiderme, perda de pêlos ou cobertura de pêlos muito esparsa nos locais afetados. Realizou-se um estudo retrospectivo dos casos de carcinoma de células escamosas em animais de produção (bovinos, ovinos e eqüinos de 1978 a 2002. O material foi obtido nos arquivos do Laboratório Regional de Diagnóstico da Faculdade de Veterinária da Universidade Federal de Pelotas. Os 50 tumores do tipo carcinoma de células escamosas estavam distribuídos nas diferentes espécies (bovina: 30; ovina: sete e eqüina: 13. Dados como raça, sexo, idade e localização corpórea, dentro de cada espécie, foram tabulados. Classificaram-se os tumores segundo seu grau de malignidade em bem diferenciados a pobremente diferenciados, através de avaliação histológica. A etiologia multifatorial dos cce em animais de produção requer mais estudos retrospectivos e prospectivos, para determinar o papel de cada fator na patogênese desse neoplasma.

  12. Intoxicação por Mascagnia rigida (Malpighiaceae em ovinos e caprinos Poisoning by Mascagnia rigida (Malpighiaceae in sheep and goats

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jackson S. de Vasconcelos

    2008-10-01

    Full Text Available Mascagnia rigida é a planta tóxica mais importante para bovinos na região Nordeste, causando morte súbita associada ao exercício. O presente trabalho teve como objetivos descrever três surtos de intoxicação por M. rigida em ovinos e um surto em caprinos no semi-árido da Paraíba, reproduzir experimentalmente a intoxicação em ovinos e caprinos, e comprovar a passagem do princípio ativo de M. rigida pelo colostro destes pequenos ruminantes. Os surtos ocorreram no início do período chuvoso, quando a planta brota antes do que outras forrageiras ou após o final desse período, quando após secarem algumas forrageiras, M. rigida permanece verde. Na reprodução experimental da intoxicação por M. rigida, doses de 10 e 20g/kg de peso animal, com as planta proveniente de duas regiões diferentes, foram letais para três caprinos e três ovinos. Um caprino que ingeriu 20g/kg da planta um ovino que ingeriu 10g/kg, se recuperaram. Dois ovinos e dois caprinos que ingeriram 5g/kg tiveram sinais discretos e se recuperaram. Tanto os casos experimentais quanto os espontâneos apresentaram ingurgitamento das veias jugulares, relutância em caminhar, decúbito externo abdominal, incoordenação, respiração ofegante, depressão, instabilidade e tremores musculares. A morte ocorreu após um curso clínico de alguns minutos a 27h40 min. As principais lesões foram edema pulmonar e vacuolização e necrose de células epiteliais dos túbulos renais. Para testar se o princípio ativo de M. rigida é eliminado pelo leite causando morte súbita nas crias foi realizado um experimento com duas cabras e cinco ovelhas que ingeriram, diariamente, 2g/kg de M. rigida, nos 15 dias anteriores ao parto. Uma ovelha que tinha gestação gemelar abortou depois de ter ingerido a planta por 10 dias. Os cordeiros das demais ovelhas mamaram normalmente o colostro sem aprestar sinais clínicos. O cabrito de uma cabra mamou o colostro e 5 minutos após morreu subitamente

  13. Farelo da vagem de algaroba associado a níveis de ureia na alimentação de ovinos: balanço de nitrogênio, N-ureico no plasma e parâmetros ruminais=Mesquite pod meal associated with levels of urea on feeding sheep: nitrogen balance, plasma urea-N and ruminal parameters

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Gonsalves Neto

    2012-07-01

    Full Text Available Objetivou-se neste trabalho avaliar os efeitos da inclusão de ureia em dietas contendo farelo da vagem de algaroba sobre o balanço de nitrogênio, N-ureico no plasma e parâmetros ruminais em ovinos. Foram utilizados oito animais, machos castrados, com peso médio de 33,5 kg, distribuídos em dois quadrados latinos 4 x 4. Os tratamentos constituíram da inclusão de níveis de ureia na dieta, sendo: 0; 0,5; 1,0 e 1,5% da MS total. A dieta foi fornecida como dieta total na relação volumoso:concentrado de 40:60 com base na MS total da dieta. Foi realizada a coleta total de urina e fezes e determinada a excreção de nitrogênio. Foi coletado sangue, seguido com a extração do plasma e determinação do N-ureico. Para avaliação do pH e N-amoniacal no líquido ruminal foram utilizados quatro animais fistulados no rúmen. A ingestão de N (31,68 g dia-1 e perdas vias fecal (7,94 g dia-1 e urinária (9,95 g dia-1 não sofreram alterações. As concentrações de N-amoniacal e N-ureico no plasma aumentaram de forma linear. O pH ruminal foi semelhante entre os tratamentos. A inclusão de ureia não influencia o balanço de nitrogênio, porém eleva as concentrações de N-amoniacal no rúmen e N-ureico no plasma podendo influenciar o gasto de energia no organismo.The goal of this study was to evaluate the effects of including urea in diets containing mesquite pod meal on nitrogen balance, plasma urea-N and ruminal parameters. Eight gelded males, with mean weight of 33.5 kg, were divided into two 4 x 4 Latin squares. Treatments consisted of following urea levels in diet: 0, 0.5, 1.0 and 1.5% of total dry matter. The diet was provided as total diet a 40:60 forage: concentrate ratio based on total diet DM. Total urine and feces were collected and nitrogen excretion was determined. Blood was collected, followed by plasma extraction and quantification of urea nitrogen. To evaluate pH and ammonia-N in rumen fluid, four rumen fistulated animals were

  14. Consumo e digestibilidade em ovinos alimentados com grãos e subprodutos da canola Intake and digestibility of sheep fed grains and by-products of canola

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Priscila Silva Neubern de Oliveira

    2009-03-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar a inclusão de 8% de grãos e subprodutos da canola (farelo ou torta nas dietas sobre o consumo e a digestibilidade. Seis ovinos machos não-castrados da raça Santa Inês (210 e 240 dias de idade e peso corporal de 44,8 + 4,2kg receberam dietas contendo 40% de feno de capim Tifton e 60% de concentrado composto por milho em grão, farelo de soja, mistura mineral, além de canola em grão integral, farelo de canola e torta de canola, que constituíram os três tratamentos. Não houve diferença (P>0,05 para o consumo de matéria seca (MS, matéria orgânica (MO, extrato etéreo (EE, energia bruta (EB, fibra em detergente neutro (FDN, carboidratos totais (CT e carboidratos não-fibrosos (CNF entre as dietas experimentais, no ensaio de digestibilidade. Não houve efeito (P>0,05 de tratamento para a digestibilidade de MS, MO, EE, PB, EB, FDN, CT e CNF. Recomenda-se incluir até 8% de grãos e subprodutos da canola (farelo ou torta na dieta de ovinos.The effect of feeding 8% of grains and byproducts (meal or cake of canola on intake and digestibility was evaluated. Six non castrated Santa Ines sheep (from 210 to 240 days old and body weight of 44.8 + 4.2kg were fed diets composed by 40% of Tifton hay and 60% of concentrate based on corn grain, soybean meal, whole grain canola, canola meal, canola cake and mineral mixture. No differences on the intakes of dry matter (DM, organic matter (OM, ether extract (EE, gross energy (GE, neutral detergent fiber (NDF, total carbohydrates (TC and non fiber carbohydrate (NFC were observed among treatments, in the digestibility trial. No treatment effect on the digestibilities of DM, OM, EE, CP, GE, NDF, TC and NFC was observed. It is recommended to include up to 8% of grains and byproducts (meal or cake of canola in the sheep diet.

  15. Intoxicação espontânea e experimental por folhas e frutos de Erythroxylum deciduum (cocão em ovinos no Estado de Santa Catarina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    V. Borelli

    2011-03-01

    Full Text Available Descreve-se uma enfermidade em ovinos de ocorrência sazonal, caracterizada por manifestações nervosas e morte rápida, nos municípios de Rancho Queimado e Ponte Alta do Sul, no estado de Santa Catarina. A doença foi reproduzida experimentalmente em ovinos com a administração de folhas de Erythroxylum deciduum coletados durante o verão, com doses letais a partir de 10g/kg de peso vivo. Em um único experimento com os frutos a dose de 15g/kg foi letal. O início da manifestação dos sinais clínicos, ocorreu entre 0 e 2 horas após a administração das folhas ou dos frutos e a evolução da doença foi de 10 minutos a 18 horas. Doses de até 20g/kg de folhas coletadas no período de inverno, produziram alterações clínicas discretas em dois ovinos. Os sinais clínicos foram depressão, sonolência e, quando os animais eram movimentados, incoordenação motora, desequilíbrio, quedas, dificuldade para se levantar e estação com os membros abertos. Também foi observado: salivação intensa, regurgitação, bruxismo, aumento das frequências cardíaca e respiratória. Os sinais clínicos se agravavam quando os animais eram movimentados e geralmente resultavam em morte. Os animais que morreram pelas intoxicações espontânea e experimental, não tinham alterações macroscópicas e microscópicas significativas. O corte das árvores de E. deciduum faz com que o tronco rebrote, favorecendo a ingestão da planta pelos ovinos. Este fato e a disponibilidade de frutos maduros que caem ao chão podem ser responsabilizados pela doença de ovinos com sinais nervosos e ausência de lesões macroscópicas e microscópicas, que ocorrem nos meses de verão, no Estado de Santa Catarina.

  16. Intoxicação por closantel em ovinos e caprinos no Estado de Santa Catarina Poisoning by closantel in sheep and goats in the State of Santa Catarina, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Henrique Furlan

    2009-01-01

    Full Text Available Descrevem-se dois surtos de intoxicação por clo-santel, um em ovinos e outro em caprinos, no Estado de San-ta Catarina. No primeiro surto, de 12 ovinos que adoeceram 5 apresentaram cegueira, desses três morreram (Ovinos 1-3 e dois (Ovinos 4 e 5 foram eutanasiados, 6 meses após ficarem cegos. No segundo surto, de 26 caprinos que adoeceram, seis animais sobreviveram, porém ficaram cegos, e um deles foi eutanasiado. Clinicamente os animais apresentavam depressão, ataxia, incoordenação motora e reflexo pupilar diminuído a ausente. Em alguns animais esse quadro evoluiu para cegueira bilateral com ausência de reflexo de ameaça e midríase bilateral irresponsiva. Ao exame oftálmico verificou-se atrofia dos vasos da retina e hiperreflexia. Pelo exame histológico observou-se edema mielínico levando a status spongiosus no sistema nervoso central e neuropatia compressiva no nervo óptico, acompanhada de degeneração e/ou atrofia da retina. O objetivo deste trabalho é descrever os aspectos epidemiológicos, clínicos e patológicos da intoxicação por closantel em ovinos e caprinos.Two outbreaks of closantel overdosage in sheep and goat flocks are described. In the first outbreak 12 sheep were affected, 5 of them showed blindness, three sheep died (Sheep 1-3 and two were euthanized 6 months after the onset of clinical manifestation (Sheep 4 and 5. In the second outbreak 26 goats were affected, from which six survived despite blindness and one was euthanized. Clinically the animals showed depression, ataxia, motor incoordination, decreased or absent pupil reflexes. In some animals this clinical picture developed to bilateral blindness, with no reaction to threat and bilateral irresponsive midriasis. In the ophthalmic examination retinal vessel atrophy and hyperreflexia were observed. The histological examination showed myelin edema leading to status spongiosus in the central nervous system and compressive neuropathy of the optic nerve

  17. Intoxicação espontânea e experimental por folhas e frutos de erythroxylum deciduum (cocão) em ovinos no Estado de Santa Catarina

    OpenAIRE

    Borelli, Vanessa

    2009-01-01

    Descreve-se uma enfermidade em ovinos de ocorrência sazonal, caracterizada por manifestações nervosas e morte rápida, nos municípios de Rancho Queimado e Ponte Alta do Sul, no estado de Santa Catarina. Alguns produtores relacionavam a doença ao consumo de frutos de uma árvore conhecida como cocão (Erythroxylum deciduum), cuja toxidez já foi descrita anteriormente. Em virtude da ausência de frutos maduros desta árvore por ocasião da ocorrência dos surtos no município de Rancho...

  18. Ocorrência de pneumonia associada à infecção por Mannheimia haemolytica em ovinos de Minas Gerais Occurrence of pneumonia associated to infection by Mannheimia haemolytica in sheep of Minas Gerais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marina Rios de Araújo

    2009-09-01

    Full Text Available O trabalho descreve um surto de pneumonia em ovinos em uma propriedade na região central de Minas Gerais. Clinicamente os animais apresentavam apatia, mostravam dificuldade respiratória durante dois ou três dias ou morriam subitamente. À necropsia as alterações pulmonares eram similares em todos os ovinos. Havia consolidação dos lobos craniais e da parte ventral dos lobos caudais e ao corte fluía exsudato mucopurulento da traquéia e dos brônquios. No parênquima dos lobos craniais havia áreas brancas multifocais a coalescentes com 0,2-0,5cm de diâmetro, levemente proeminentes e intercaladas por áreas vermelho-escuras. Pleurite fibrinosa foi observada nos Ovinos 1, 2 e 3. As lesões de consolidação ocupavam cerca de 70-80% da extensão pulmonar. Microscopicamente, as alterações eram de broncopneumonia fibrinopurulenta com intensa hiperemia, áreas com hemorragia intra-alveolar e espessamento dos septos interlobulares por inúmeros neutrófilos, restos celulares e intensa exsudação de fibrina. Áreas multifocais com necrose de liquefação contendo numerosas colônias bacterianas foram observadas no Ovino 3. Nos lobos craniais dos Ovinos 1, 2 e 3, haviam áreas com neutrófilos degenerados formando aglomerados de células alongadas com formato de "grãos de aveia" associados a colônias bacterianas. As alterações histológicas foram características de pneumonia causada por Mannheimia (M. haemolytica. Amostras dos lobos craniais de todos os ovinos foram encaminhadas para cultivo bacteriológico e M. haemolytica foi isolada e identificada em todos os animais. Este é o primeiro relato correlacionando os achados patológicos e o isolamento de M. haemolytica como causa de broncopneumonia em ovinos no Brasil.This paper describes an outbreak of pneumonia in a sheep herd in the central region of Minas Gerais, Brazil. Clinically, the animals presented apathy, exhibited respiratory difficulty during 2 to 3 days or sudden death. The

  19. Efeitos de rações com níveis crescentes de cana-de-açúcar em substituição à silagem de milho sobre a população de protozoários ciliados no rúmen de ovinos Effects of diets with increasing levels of sugar cane in substitution of corn silage on rumen population ciliate protozoa in sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Helena Tieghi Franzolin

    2000-10-01

    Full Text Available Oito ovinos machos com fístulas ruminais foram delineados em dois quadrados latinos, em quatro períodos de 35 dias cada e quatro tratamentos, compreendendo níveis crescentes de cana-de-açúcar (CA em substituição à silagem de milho (SM: A 100% SM; B 67% SM e 33% CA; C 33% SM e 67% CA; e D 100% CA, para avaliação da população de protozoários ciliados no rúmen. As concentrações totais de protozoários ciliados no rúmen e de Entodinium diminuíram e os valores de pH do conteúdo ruminal aumentaram linearmente com o incremento das quantidades de cana-de-açúcar na ração. Não houve diferenças entre tratamentos para o volume ruminal e a taxa de passagem da fase líquida do rúmen.Eight rumen fistulated rams were delineated in two Latin Squares in four periods of 35 days each and four treatments consisted of increasing levels of sugar cane (SC in substitution to the corn silage (CS: A 100% CS, B 67% CS and 33% SC, C 33% CS and 67% SC and D 100% SC, to evaluate the population of ciliate protozoa in the rumen. The total concentrations of rumen ciliate protozoa and of Entodinium decreased and the values of pH of the ruminal content increased linearly as dietary sugar cane levels increased. No differences between treatments were observed for the rumen volume and the rumen liquid turnover rate.

  20. CARCASS CHARACTERISTICS OF FEEDLOT SHEEP FED WITH SUGARCANE BAGASSE HYDROLYZED WITH CALCIUM OXIDE GANHO EM PESO E CARACTERÍSTICAS DA CARCAÇA DE OVINOS CONFINADOS ALIMENTADOS COM BAGAÇO DE CANA HIDROLISADO COM ÓXIDO DE CÁLCIO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Oscar Willian Barbosa Fernandes

    2009-07-01

    Full Text Available The effects of the addition of calcium oxide (0.75; 1.5 and 2.25% in the sugarcane bagasse were studied with the objective of evaluating characteristics of the carcass in crossbred Santa Ines lambs. Twenty animals, with average live weight of 14 ± 4,5 kg were distributed in a completely randomized experimental design. The animals received concentrated containing corn, soybean meal and urea, and also the sugar cane bagasse. The slaughter reached 81 days of confinement. Means for hot and cold carcass weights, hot and cold carcass revenues, and chilling lost were 14.66 kg, 14.35 kg, 46.62%, 45.45% and 2.09%, respectively. Treatments did not affect the subjective measures, degree of fat covering and shape form, and the objective measures, ribeye area and kidney and cavity fat. The treatment of the sugar-cane bagasse with CaO increased the live weight, but did not affect the carcass characteristics in sheep.

    KEY WORDS:  Carcass quality, co-products, ruminant. Foram estudados os efeitos da adição de teores crescentes de óxido de cálcio (0,75; 1,5 e 2,25% no bagaço de cana-de-açúcar fornecido a ovinos mestiços da raça Santa Inês no ganho de peso e nas características da carcaça. Vinte ovinos, com peso vivo médio de 14 ± 4.5 kg, foram distribuídos em um delineamento inteiramente ao acaso. Os animais receberam concentrado contendo milho, farelo de soja e ureia, e o bagaço com as doses de CaO. Realizou-se o abate dos ovinos após 67 dias de confinamento. As médias do peso de carcaça quente, peso de carcaça fria, rendimento de carcaça quente, rendimento de carcaça fria e quebra no resfriamento foram de 14,66 kg, 14,35 kg, 46,62%, 45,45% e 2,09%, respectivamente, não se observando efeito dos tratamentos, o que ocorreu também para as medidas subjetivas (grau de cobertura de gordura e conformação e para as medidas objetivas (área de olho de lombo, gordura perirenal e gordura cavitária. O tratamento do bagaço de cana

  1. Composição corporal e exigências líquidas proteicas de ovinos Santa Inês em crescimento Body composition and net protein requirements for growing Santa Inês sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Gilson Louzada Regadas Filho

    2011-06-01

    Full Text Available Avaliou-se o efeito de diferentes níveis de energia metabolizável na dieta sobre a composição corporal e as exigências de proteína líquida de 24 ovinos Santa Inês em crescimento, não-castrados, com idade e peso corporal médio de 50 dias e 13,00 ± 0,56 kg. Após um período de adaptação de 10 dias, quatro animais foram abatidos para serem utilizados como referência para as estimativas do peso do corpo vazio (PCVZ e da composição corporal inicial dos demais. Os animais remanescentes foram distribuídos em um delineamento em blocos casualizados com rações contendo diferentes níveis de energia metabolizável (2,08; 2,28; 2,47 e 2,69 Mcal/kg MS e proteína bruta (12,74; 14,36; 15,97 e 17,65% PB na MS com cinco repetições. A excreção diária de N foi estimada extrapolando-se a equação de regressão de consumo de N (g/kg PC0,75/dia em função da retenção de N (g/kg PC0,75/dia para o consumo zero. A derivada da equação de regressão do logaritmo do conteúdo de proteína em função do logaritmo do PCVZ dos animais permitiu a estimativa da exigência proteica líquida para ganho de peso de corpo vazio (GPCVZ. A excreção diária de N foi estimada em 277 ± 0.05 mg/kg PC0,75/dia e a exigência de proteína líquida para mantença em 1,73 g/kg PC0,75/dia. O conteúdo de proteína no PCVZ dos animais diminui de 157,83 para 144,33 g/kg PCVZ quando o peso corporal aumentou de 15 para 30 kg, respectivamente. A quantidade de proteína depositada no ganho diminuiu de 137,47 para 125,71 g/kg GPCVZ com o aumento do peso corporal de 15 para 30 kg, respectivamente. A excreção fecal de nitrogênio e exigência líquida de proteína para mantença de ovinos Santa Inês em crescimento foi inferior ao preconizado pelos principais sistemas de avaliação de alimentos e exigências nutricionais para pequenos ruminantes.This study evaluated the effect of different dietary levels of metabolizable energy on the body composition and net

  2. Fotossensibilização em ovinos associada à ingestão de Brachiaria brizantha no estado do Pará Photosensitization of sheep kept on Brachiaria brizantha pasture in the state of Pará

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tatiane Teles Albernaz

    2010-09-01

    Full Text Available Foram estudados dois surtos e realizado um experimento de fotossensibilização associada à ingestão por Brachiaria brizantha em ovinos mestiços de Santa Inês e Dorper, com idade variando de dois a três meses, em uma fazenda no município de Santa Luzia do Pará. Esses animais foram mantidos desde o nascimento até aproximadamente dois meses de idade, em apriscos suspensos do chão, recebendo capim-elefante roxo (Pennisetum purpureum cv. roxo, concentrado, sal mineral e água ad libitum. Após esse período foram introduzidos em um piquete de B. brizantha. Na ocasião dos surtos e do experimento a fazenda foi visitada para observação dos dados epidemiológicos, avaliação clínica dos animais, colheita de amostras de sangue para dosagem de GGT, AST, BD, BI, BT, ureia e creatinina e colheita de pastagem para pesquisa de Pithomyces chartarum e saponinas. Também foi realizada necropsia com colheita de material para estudo histológico. O surto 01 ocorreu na época de escassez de chuva, com taxa de morbidade e letalidade de 43,4% e 81,6%, respectivamente. O surto 02 aconteceu no início da época chuvosa, com taxas de morbidade e letalidade de 16,3% e 76,9%, respectivamente. Em ambos os surtos o capim encontrava-se com massa residual reduzida e senescente. Dos 50 animais do experimento, 10 receberam 200ml de fluido ruminal retirado de ovelhas mães do mesmo lote, a primeira administração foi feita um dia antes da introdução desses animais na pastagem, e mais duas subsequentes com intervalo de uma semana. Após 15 dias de pastejo, os animais começaram a apresentar inquietação, procura por sombra, edema nas orelhas, mucosas amareladas, apatia, anorexia e desprendimento da pele seguido por formação de crostas em algumas áreas do corpo. Tanto os animais dos surtos quanto do experimento apresentaram aumento nos níveis de GGT, AST, BD, BI, BT, ureia e creatinina. Os valores de ureia e GGT dos animais que receberam fluido ruminal e dos

  3. Doenças parasitárias em ruminantes no semi-árido brasileiro Parasitic diseases in ruminants in the Brazilian semiarid

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valéria Medeiros de M. Costa

    2009-07-01

    Full Text Available Arquivos de fichas clínicas de ruminantes ou amostras para diagnósticos recebidos pelo Hospital Veterinário da Universidade de Campina Grande, em Patos, Paraíba, de janeiro 2000 a agosto 2007, foram revisados para avaliar alguns aspectos epidemiológicos de doenças parasitárias de ruminantes na região semi-árida da Paraíba e estados vizinhos. A região apresenta precipitações médias anuais de aproximadamente 800mm, com chuvas irregulares concentradas em um período de 3-4 meses e uma temperatura média anual de 26°C. No período, 163 (5,31% de 3.064 ruminantes foram afetados por alguma doença parasitária clinica. A doença parasitária mais frequente em caprinos e ovinos foi a helmitose gastrointestinal, principalmente a hemonchose, e caprinos foram mais afetados (6,24% dos casos diagnosticados do que os ovinos (4,7% dos casos diagnosticados. A maior freqüência da doença nos caprinos pode estar associada à maior susceptibilidade destes ou devido a erros no tratamento, como a utilização da mesma dose para as duas espécies, o que para a maioria dos anti-antihelmínticos é insuficiente para caprinos. Bovinos tiveram uma baixa freqüência de helmintoses gastrintestinais (1 de 1.113 casos. Esta baixa freqüência deveu-se, provavelmente, ao sistema de criação no semi-árido, com baixa taxa de lotação, até um animal adulto por hectare a cada 13-16 hectare, e a permanência de bezerros (suscetíveis com as mães (resistentes por períodos de até um ano antes da desmama. A ocorrência de eimeriose em caprinos e ovinos foi de 0,76% dos casos, envolvendo apenas os animais jovens. Em bovinos a principal doença foi à tristeza parasitária com 14 surtos. Os surtos de tristeza ocorreram principalmente no final do período chuvoso em áreas de desequilíbrio enzoótico incluindo as montanhas e planaltos da região da Borborema, áreas irrigadas, e áreas das bacias do Rio do Peixe e Rio Piranhas. Nas áreas mais secas do semi

  4. Deficiências e desequilíbrios minerais em bovinos e ovinos ¾ revisão dos estudos realizados no Brasil de 1987 a 1998

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tokarnia Carlos Hubinger

    1999-01-01

    Full Text Available É apresentada uma revisão dos estudos realizados no Brasil sobre distúrbios no metabolismo mineral em bovinos, sobretudo deficiências minerais, no período de 1987-1998. Esta revisão foi feita em continuação de duas revisões prévias sobre o assunto, que abrangeram os períodos de 1943-1976 e 1976-1987. Nessas revisões são omitidos os estudos realizados apenas através de dosagens químicas de amostras de pastagem e de solo, sendo referidos aqueles baseados em análises de amostras de fígado ou outros tecidos ou fluidos dos animais e/ou experimentação, complementados ou não por análises químicas de pastagem e de solo. Em relação aos macroelementos, destacam-se os estudos sobre a deficiência de fósforo, já estabelecida anteriormente como a deficiência mineral mais importante no Brasil. Valores baixos de ferro em amostras de fígado foram constatados em bovinos afetados pela hematúria enzoótica, o que é compreensível, já que os animais apresentam marcada anemia devido a perda contínua de sangue. Destacaram-se, por outro lado, os valores elevados de ferro em diversas regiões; em algumas delas foi demonstrado que os níveis desse elemento estavam associados a valores baixos de cobre. As deficiências de cobre e cobalto foram as mais frequentes entre as de microelementos. Diversas ocorrências de intoxicação por cobre em ovinos foram comunicadas. A deficiência subclínica de zinco tem sido verificada com bastante frequência. A deficiência subclínica de manganês foi raramente constatada; ao contrário, houve verificações de valores elevados deste elemento. Em relação ao selênio, os dados continuam escassos, insuficientes para se saber qual a importância da deficiência desse elemento em bovinos e ovinos no Brasil; a miopatia nutricional em bezerros foi diagnosticada uma única vez. Entre os estudos realizados neste último período devem ser mencionados, especialmente, aqueles que abordam duas doenças cuja

  5. Malformações, abortos e mortalidade embrionária em ovinos causada pela ingestão de Mimosa tenuiflora (Leguminosae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Rômulo Soares dos Santos

    2012-11-01

    Full Text Available Para determinar a teratogenicidade de Mimosa tenuiflora, 15 ovelhas, distribuídas em dois grupos, foram introduzidos em área invadida pela planta. O Grupo 1, com seis ovelhas prenhes, foi introduzido na área experimental 20 dias após o acasalamento. O Grupo 2, formado por nove ovelhas não prenhes e um carneiro, foi introduzido na área experimental no início do experimento. O experimento começou no mês de outubro de 2009, período de estiagem, quando M. tenuiflora estava sementando. Nesse período as plantas foram rebaixadas a 40 cm de altura e os galhos com folhas e sementes foram disponibilizados para os ovinos na mesma área onde M. tenuiflora foi rebaixada. M. tenuiflora começou a rebrotar ainda na estação seca antes do período de chuvas. No período de rebrota, as ovelhas ficavam livres para pastar M. tenuiflora e recebiam concentrado em quantidade equivalente a 1% do peso vivo. Após as primeiras chuvas, em meados de janeiro do ano seguinte, quando o estrato herbáceo apareceu, essas ovelhas foram confinadas em baias, onde M. tenuiflora foi fornecida até o fim do experimento. A cada 15 dias eram realizados exames ultrassonográficos para acompanhamento da gestação. No Grupo 1, três ovelhas abortaram, cada uma um feto sem malformações. Outra ovelha pariu dois cordeiros, um com hiperflexão na articulação inter-falangeana proximal no membro torácico direito e outro sem malformações. Outra ovelha pariu um cordeiro com hiperflexão dos dois membros pélvicos na região da articulação tarso-metatársica. No grupo formado pelas ovelhas que foram acasaladas na área experimental, uma ovelha abortou um feto sem malformações e cinco pariram cordeiros normais. Três das ovelhas desse grupo não emprenharam durante todo o período experimental, mostrando retornos repetidos ao cio, sugerindo perda embrionária. Trinta e duas ovelhas e um carneiro, que permaneceram numa área vizinha a área experimental e foram utilizados

  6. Pigmentation of the viscera and carcasses (chromatosis in sheep in the Brazilian northeastern region Pigmentação das vísceras e carcaças (cromatose em ovinos na região Nordeste do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciano da Anunciação Pimentel

    2013-02-01

    Full Text Available We report exogenous pigmentation in sheep grazing in native pastures in northeastern Brazil. The sheep carcasses from a farm were condemned at the slaughterhouse due to pigmentation of the carcasses and viscera. In visits to the farm, bluish-purple pigmentation of the mucosa was observed in the sheep. In two necropsied sheep, a bluish-purple pigment was observed in the skin, subcutaneous tissue, fat, muscles, cartilage, bones, serous membranes of the forestomachs, kidneys, adrenal glands, and the mucosa of the uterus, urinary bladder, urethra, vagina, trachea, bronchi, and bronchioles. Some bone surfaces, the intima of large arteries, tendons, muscle insertions, and ligaments had a yellow-brown or light brown pigment. However, the pigment was not observed upon histologic examination of tissues, suggesting that the pigmentation is caused by a plant. Two plants, Rhamnidium molle and Pereskia bahiensis, were fed to experimental sheep and rabbits, but did not cause pigmentation.Descreve-se pigmentação exógena em ovinos, pastejando numa área de pastagem nativa da região nordeste do Brasil. Os ovinos de uma fazenda, destinados ao abate, tiveram as carcaças rejeitadas pelo frigorífico em virtude da pigmentação apresentada nos tecidos. Em visitas à fazenda, foi observada pigmentação azul-violeta nas mucosas de ovelhas. Em dois ovinos necropsiados, pigmento azul-violeta foi observado na pele, tecido subcutâneo, gordura, músculos, cartilagens, ossos, serosa dos pré-estômagos, rins, glândulas adrenais, mucosa do útero, bexiga urinária, uretra, vagina, traqueia, brônquios e bronquíolos. Algumas superfícies ósseas, íntima de grandes artérias, tendões, inserções musculares e ligamentos tinham pigmento castanho-amarelo ou castanho claro. No entanto, o pigmento não foi observado nos tecidos após processamento para o exame histológico, o que sugere que a pigmentação é causada por uma substância exógena, provavelmente presente

  7. Composição química e digestibilidade em ovinos da grama estrela ensilada com diferentes aditivos Chemical composition and digestibility in sheep of stargrass ensiled with different additives

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valter Harry Bumbieris Junior

    2009-10-01

    Full Text Available Objetivou-se com o estudo avaliar a composição química e a digestibilidade aparente em ovinos da grama estrela ensilada com diferentes aditivos. Os aditivos empregados foram o enzimo-bacteriano (em duas concentrações e a uréia (10 kg/tonelada, totalizando quatro tratamentos. Para o experimento de digestibilidade, foram utilizados quatro ovinos machos castrados distribuídos em delineamento quadrado latino (4x4. Em relação à composição química, as variáveis MS, PB, EE, FDA e LIG apresentaram diferença (PThe purpose of this study was to evaluate the chemical composition and apparent digestiblity in sheep of stargrass ensilaged with different additives. The additives used were enzyme-bacterial inoculent (in two concentrations and urea (10 kg/ton, totalling 4 treatments. For the digestability experiment, four male sheep were distributed in a (4x4 latin square design. With respect to chemical composition, the variables; dry matter, crude protein, ether extract, acid detergent fiber, and lignin showed statistical difference (P<0,05 among the obtained values. However, neutral detergent fiber showed no difference among treatments. Concerning buffering capacity and pH, the lowest values were for silages treated with inoculents. No treatment effects (inoculent or urea application for dry matter, crude protein, or neutral detergent fiber digestibility of stargrass silages were detected.

  8. Biomassa e atividades microbianas em solo sob pastagem com diferentes lotações de ovinos Biomass and microbial activity in pasture soil under different sheep grazing pressure

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Martha Regina Lucizano Garcia

    2007-04-01

    Full Text Available Os efeitos da lotação de animais na produção de ovinos têm sido bastante estudados. No entanto, informações sobre seus efeitos na biomassa e nas atividades microbianas e, em conseqüência, na fertilidade do solo de pastagens são escassas. Neste trabalho, os efeitos da lotação de ovinos (LO na biomassa e nas atividades microbianas responsáveis pela transformação dos compostos do C e N em solo de clima subtropical foram avaliados. As amostras de solo foram coletadas nas camadas de 0-10 e 10-20 cm de pastos com baixa LO (5 animais ha-1, alta LO (40-50 animais ha-1 e com ausência de animais, em um delineamento inteiramente casualizado em parcelas subdivididas, com seis repetições. Os maiores valores de biomassa microbiana e das atividades respiratória, nitrificante e enzimática (urease e protease foram encontrados nos solos dos pastos com baixa LO. Estes pastos também acumularam as maiores quantidades de matéria orgânica e N total. Essas variáveis foram reduzidas nos pastos sem animais ou com alta LO. Vegetação descontínua e intensa mineralização podem ter acarretado a diminuição dessas variáveis nos pastos com alta LO. Alta correlação foi obtida entre matéria orgânica, C orgânico e N total com as quantidades de biomassa microbiana e a atividade enzimática. A camada de 0-10 cm apresentou valores maiores das variáveis estudadas do que os encontrados na camada de 10-20 cm.The effect of grazing pressure in sheep production has been studied, but not in relation to soil microbiological parameters or the consequences on soil fertility. The effect of grazing pressure (GP by sheep on biomass and microbial activity related to C and N compounds cycling in subtropical region soil was studied. Soil samples were collected from the 0-10 cm and 10-20 cm layers in pastures with low GP (5 animals ha-1, high GP (40-50 animals ha-1 and in absence of animals, in a completely randomized design with 6 replicates. The highest values

  9. Malformações congênitas em ruminantes no semiárido do Nordeste Brasileiro Congenital malformations in ruminants in the semiarid of the Brazilian Northeast

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antônio Flávio M Dantas

    2010-10-01

    Full Text Available Malformações congênitas causadas pela ingestão de Mimosa tenuiflora têm sido observadas em ruminantes no semiárido do Nordeste Brasileiro. Neste trabalho foram estudadas as malformações congênitas em ruminantes diagnosticadas entre 2000 e 2008, em municípios da Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte. Durante o período foram recebidos 1.347 materiais de ruminantes para diagnóstico, desses 47 (3,48% foram dignosticados como malformações congênitas. Com base no tipo de malformação e na procedência do animal as malformações foram divididas em: 1 causadas pelo consumo de M. tenuiflora; e 2 malformações esporádicas, sem causa conhecida. De 418 materiais de ovinos, 21 corresponderam a malformações, sendo 18 (4,3% do total de materiais de malformações causadas por M. tenuiflora e 3 (0,71% de malformações esporádicas. De 434 materiais de bovinos, 14 foram diagnosticados como malformações, sendo 8 (1,84% causadas por M. tenuiflora e 6 (1,38% malformações esporádicas. De 495 materiais de caprinos, 12 apresentaram malformações, sendo 9 (1,81% causadas pela ingestão de M. tenuiflora e 3 (0,6% malformações esporádicas. As principais malformações causadas por M. tenuiflora foram artrogripose, micrognatia, palatosquise, microftalmia e hipoplasia ou aplasia unilateral ou bilateral dos ossos incisivos. As malformações esporádicas incluiram: acefalia e hermafroditismo, dicefalia e malformações de vasos intestinais em ovinos; atresia anal em três caprinos; e hidranencefalia, atresia anal, malformações de costelas com eventração, hipoplasia cerebelar e hidrocefalia, coristoma pulmonar e meningocele, e gêmeos siameses em bovinos. O caso de hipoplasia cerebelar com hidrocefalia foi negativo pela imuno-histoquímica para o vírus da diarreia viral bovina. Malformações congênitas causadas por M. tenuiflora ocorreram durante todo o ano. A maior frequência em ovinos está aparentemente associada ao consumo da

  10. Avaliação da casca proteinada de soja em dietas para ovinos = Evaluation of soybean protein hulls in diets for sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanessa Peripolli

    2011-04-01

    Full Text Available Foi avaliada a utilização de cinco níveis de casca proteinada de soja (0, 4, 8, 12 e 16% em substituição ao farelo de soja em dietas para ovinos em confinamento. Foram avaliados o desempenho, o consumo, a digestibilidade dos nutrientes e os balanços energético e nitrogenado em função da dieta. Vinte cordeiros da raça Texel, com peso vivo médio inicial de 28 kg, foram distribuídos em delineamento inteiramente casualizado com cinco tratamentos e quatro repetições. A dieta foi composta de 30% de volumoso e 70% de concentrado. O farelo de soja dos concentrados foi gradativamente substituído pela cascaproteinada de soja (CPS. O consumo de nutrientes, a conversão alimentar e o ganho de peso não foram influenciados pelo aumento do nível de inclusão da CPS na dieta. Os níveis de CPS também não influenciaram as digestibilidades da MS, MO, N (PB, FDN e EB e osbalanços energético e nitrogenado. The aim was to evaluate the use of five levels of soybean protein hulls (0, 4, 8, 12 and 16% in place of soybean meal in diets for sheep in confinement. We evaluated the performance, intake, nutrient digestibility and, energy and nitrogen balance in terms of diet. Twenty Texel lambs with an average weight of 28 kg were distributed in a completely randomized design with four replications. The diet consisted of 30% roughage and 70% concentrate. The soybean meal in the concentrates was gradually replaced by soybean protein hulls (SPH. Nutrient intake, feed-to-gain ratio and weight gain were not affected by increasing the inclusion level of SPH en the diet. SPH levels also did not influence the digestibility of DM, OM, N (CP,NDF and GE and the energy and nitrogen balance.

  11. Health management practices and disease prevalence in dairy sheep systems in Argentina Práticas de manejo sanitário e frequência de doenças em ovinos leiteiros na Argentina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Victor H. Suárez

    2009-11-01

    studies.Foi realizado um levantamento longitudinal em 19 fazendas de ovinos leiteiros na Argentina com o objetivo de conhecer práticas de manejo, medidas sanitárias e ocorrência e freqüência das enfermidades. O levantamento incluiu 40% de todas as fazendas do país que produzem leite ovino. Um questionário foi utilizado com entrevistas pessoais com os ovinocultores durante visita às fazendas. A percentagem de fazendas que relataram vacinação rotineira contra clostridioses, ectima contagioso, pneumonia e administração parenteral de minerais e vitaminas foi 63%, 47,3%, 16,6% e 42,1%, respectivamente. Parte dos produtores (37,5% realizava tratamento regularmente contra piolhos e 89,5% contra nematódeos gastrintestinais. O número médio de tratamentos anti-helmínticos anuais, por fazenda, era de 2,26+1,78. Em 68,4% dos rebanhos leiteiros o Califórnia Mastite Teste (CMT era regularmente realizado e 55,6% dos produtores colhiam amostras de seus rebanhos uma vez por ano para diagnóstico de Brucella ovis. Durante o período de pré-acasalamento 68,4% e 50% dos produtores examinavam clinicamente seus carneiros e a condição geral e de dentes de suas ovelhas. O úbere das ovelhas era geralmente inspecionado no início da ordenha. Os principais problemas parasitários eram nematódeos gastrintestinais (mencionado por 57,9% dos produtores, piolhos (57,9% e sarna (10,5% e as doenças infecciosas mais frequentes foram ectima contagioso (73,7%, pneumonia e outros problemas respiratórios (57,9%, mastite clínica (55,6%, clostridioses (36,9% e laminite (35,2%. Fotossensibilização (47,4% e acidose ruminal (42,1% foram relatadas como as principais desordens tóxicas ou metabólicas. Na visão dos produtores, a expectativa de vida produtiva ou o tempo de produção de leite por ovelha era de 4,5+1,4 anos. A mortalidade perinatal foi de 8,5% e a taxa de mortalidade total do rebanho, depois das primeiras 24 horas de vida, foi de 6,9%. As altas taxas de mortalidade de

  12. Sinais clínicos e ocorrência de anticorpos anti-Chlamydophila abortus em ovinos de São Paulo e Minas Gerais Clinical signs and occurrence of antibodies anti-Chlamydophila abortus in ovines of São Paulo and Minas Gerais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodolfo Santos Rossi

    2012-11-01

    Full Text Available A Chlamydophila abortusi, anteriormente conhecida como Chlamydia psittaci sovovar 1, é uma bactéria Gram negativa, intracelular obrigatória. Esse micro-organismo é frequentemente encontrado em distúrbios reprodutivos em ovinos, bovinos e caprinos, sendo o aborto epizoótico dos bovinos e o aborto enzoótico dos ovinos e caprinos as manifestações mais importantes. Considerando-se o pouco material literário a respeito da clamidofilose no Brasil, a pesquisa teve como objetivo determinar a presença de anticorpos fixadores de complemento anti-Chlamydophila abortusi, correlacionando os resultados obtidos com achados no exame clínico e histórico dos animais, além de alterações nos índices zootécnicos, em especial na esfera reprodutiva, tais como alto índice de repetição de cio, número elevado de abortamentos, elevado número de natimortos, entre outros. Foram testadas para prova de fixação do complemento 220 amostras de soro de ovinos, de 26 propriedades, distribuídas em 19 municípios, com relato de manifestação reprodutiva, obtendo-se 19,55% (43/220 de testes positivos para Chlamydophila abortusi, com ocorrência de foco constatada de 61,53%. No geral, a titulação de anticorpos encontrada foi baixa, com título não superior a 64. A frequência de manifestação reprodutiva mais observada foi o aborto, representando 65,12% (28/43 do número total de animais soropositivos, seguido de repetição de cio juntamente com nascimento de cordeiro fraco, com frequência de 6,98% (3/43 e, por fim, morte neonatal com 4,65% (2/43, sendo que não houve associação significativa entre animais que foram positivos ao teste e a esses fatores.The Chlamydophila abortusi was previously known as Chlamydia psittaci sorovar 1, it is a Gram negative and obligate intracellular bacteria. This microorganism is frequently related with reproductive manifestation in ovines, goats and bovines. The major manifestation are Enzootic abortion in bovines and

  13. Controle de nematóides parasitos gastrintestinais por Arthrobotrys musiformis em ovinos naturalmente infestados mantidos em pastagens Control of gastrintestinal parasitic nematodes by Arthrobotrys musiformis in naturally infested sheep maintained on pastures

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Érika Barbosa Neves Graminha

    2005-09-01

    Full Text Available Este trabalho objetivou avaliar, in vitro e in vivo, o fungo predador Arthrobotrys musiformis, administrado via oral na forma de conídios microencapsulados em alginato ou in natura em meio líquido, após passagem pelo trato gastrintestinal de ovinos. No teste in vitro, avaliou-se a manutenção da atividade predatória, e no teste in vivo, a capacidade de controlar nematóides parasitos de ovinos naturalmente infectados, mantidos em pastagens. O resultado do teste in vitro confirmou a viabilidade de A. musiformis (95,5%, mesmo após a passagem pelo trato gastrintestinal. Na avaliação in vivo, não houve diferença estatística entre o número de ovos por grama de fezes dos grupos tratados e controle, provavelmente em razão da baixa lotação dos piquetes, da quantidade e periodicidade insuficientes de oferecimento de conídios aos ovinos, o que teria proporcionado dispersão e migração das larvas na pastagem. Contudo, os helmintos recuperados na necropsia dos animais traçadores mostraram que A. musiformis reduziu em 50,9% e 57,6% o número de Trichostrongylus colubriformis dos grupos tratados com conídios microencapsulados e in natura, respectivamente, e em 95% o número de L4 de Haemonchus do grupo tratado com conídios in natura. Embora os resultados não sejam conclusivos, A. musiformis mostrou-se promissor agente no biocontrole de nematóides parasitos gastrintestinais.The objective of the present study was to assess in vitro and in vivo the predatory fungus Arthrobotrys musiformis administered orally, in the form of alginate-microencapsulated conidia, or in natura in liquid medium after passage through the gastrointestinal tract of sheep. Maintenance of the predatory activity of the fungus was evaluated in the in vitro test, and its ability to control parasitic nematodes in naturally infested sheep maintained on pastures was analyzed in the in vivo test. The result of the in vitro test confirmed the viability of A. musiformis (95

  14. Freqüência de oocistos de coccídios do gênero "Cryptosporidium" em ovinos no estado do Rio de Janeiro Frequency of gender of “Cryptosporidium” coccidia in sheep in the Rio de Janeiro State

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vagner Ricardo da Silva Fiúza

    2008-12-01

    Full Text Available A freqüência de oocistos de Cryptosporidium spp. foi investigada em 10 rebanhos ovinos no estado do Rio de Janeiro em 2007. Amostras fecais de 130 ovinos foram coletadas para identificar oocistos de Cryptosporidium spp. pela técnica de Ziehl-Neelsen modificada. Verificou-se que 41% dos animais estavam infectados pelo protozoário, não sendo observadas diferenças significativas (P=0,1728, P=0,7082 e P=0,2850 e P=0,4997 com relação a sexo, idades dentro do sexo e classes zootécnicas, respectivamente. Distintos tamanhos e formas dos oocistos revelaram a existência de espécies diferentes de Cryptosporidium spp. parasitando estes ovinos, de modo que o adensamento dos animais observados nas criações intensivas foi determinante fator de risco na infecção.The frequency of Cryptosporidium spp. oocists was evaluated in 10 sheep herds in the Rio de Janeiro state in 2007. Faecal samples from 130 sheep were collected for the identification of Cryptosporidium spp. oocists by using the Ziehl–Neelsen modified technique. Statistical analysis showed that 41% of the animals were infected with this protozoa and no significant differences (P = 0,1728, P = 0.7082 and P=0.2850 and P=0.4997 were observed for sex, age between gender sex and animal class, respectively. Different sizes and shapes of Cryptosporidium oocists indicated the probable existence of different species of Cryptosporidium in these animals, and the big number of the animals in the intensive creation is the determinant risk factor for the infection.

  15. Comportamento ingestivo e ingestão de água em caprinos e ovinos alimentados com feno e silagem de Maniçoba Ingestive behavior and water intake in goats and sheep fed with Maniçoba hay and silage

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edson Ricardo de Farias Zumba

    2010-12-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar o comportamento ingestivo e consumo de água de caprinos e ovinos alimentados com feno ou silagem de maniçoba (Manihot epruinosa Pax & Hoffmann. Foram empregados sete caprinos sem padrão racial definido, com peso médio inicial de 14,6kg e oito ovinos da raça Santa Inês de 13,9kg. Os animais foram mantidos em baias individuais e distribuídos em delineamento experimental inteiramente casualizado, em esquema fatorial 2 x 2 (forma de conservação x espécie animal. Foram avaliados os consumos de matéria seca, matéria orgânica, proteína bruta, fibra em detergente neutro, extrato etéreo, carboidratos totais e carboidratos não fibrosos. Para estudo de comportamento ingestivo, os animais foram observados a cada cinco minutos durante 24h. Os animais alimentados com feno de maniçoba mostraram maior consumo de proteína bruta e extrato etéreo (56 e 24 g/dia em relação àqueles que receberam a maniçoba conservada pela fermentação (42 e 14g/dia, respectivamente. Não houve diferença entre os tempos de alimentação (405,00 e 399,38 min, ruminação (625,63 e 599,38 min e ócio (413,13 e 44,01 min entre os animais alimentados com silagem e feno de maniçoba, respectivamente. No entanto, os animais alimentados com maniçoba conservada mediante fermentação apresentaram menor consumo de água no bebedouro (0,473vs 0,990kg/dia para silagem e feno, respectivamente. Assim, conclui-se que o método de conservação de maniçoba não interferiu no comportamento ingestivo, mas a ingestão da maniçoba conservada mediante fermentação leva ao menorThe objective of this study was to evaluate the ingestive behavior and water intake of goats and sheep fed Manihot epruinosa Pax & Hoffmann silage or hay. Seven goats (average live weight 14,6 ± 1,24kg and eight sheep (average live weight 13,8 ± 1,22kg were allotted to individual pens. They were distributed in a completely randomized design, 2 x 2 factorial outline composed of

  16. Epidemiology of Oestrus ovis (Diptera: Oestridae in sheep in Botucatu, State of São Paulo Epidemiologia de Oestrus ovis (Diptera: Oestridae em ovinos em Botucatu, São Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruna Fernanda da Silva

    2012-12-01

    Full Text Available The seasonal factors that influence Oestrus ovis infestation in sheep were determined in Botucatu, State of São Paulo, Southwestern Brazil, from April 2008 to March 2011. Two tracer lambs were monthly exposed to natural infestation by O. ovis larvae for 28 consecutive days, by grazing with a sheep flock. Tracer animals were then euthanized and the larvae of O. ovis recovered from nasal and sinus cavities. Of the 72 tracer lambs, 50% were infested with O. ovis larvae and the mean intensity of infestation per head infested was 16.8 larvae, with an average of 7.8 L1, 5.3 L2 and 3.7 L3. O. ovis larvae were present during the four seasons of the year, but the mean larval burden was significantly higher during the spring and summer months, compared to winter (P Os fatores sazonais que influenciam a infestação por larvas de Oestrus ovis, foram determinados no período de abril de 2008 a março de 2011, em ovinos criados em Botucatu, São Paulo, região Sudeste do Brasil. Mensalmente, dois cordeiros traçadores permaneceram em pastejo com um rebanho ovino durante 28 dias consecutivos, expostos à infestação natural por larvas de O. ovis. Em seguida, os cordeiros foram sacrificados, e as larvas de O. ovis recuperadas da cavidade nasal e seios frontais. Dos 72 cordeiros traçadores, 50% estavam infestados por larvas de O. ovis, com intensidade média de infestação de 16,8 larvas/cabeça infestada, com média de 7,8 L1, 5,3 L2 e 3,7 L3. As larvas de O. ovis foram recuperadas durante as quatro estações do ano, mas o número médio de larvas foi significativamente superior durante os meses de primavera e verão comparado aos meses de inverno (P < 0,05. A maior taxa de recuperação larval coincidiu com temperaturas médias entre 20 °C e 25 °C e umidade relativa do ar por volta de 70%. Os resultados sugerem que a evolução e desenvolvimento de O. ovis ocorre praticamente durante o ano inteiro, mas a infestação é mais frequente nos meses de

  17. Degradabilidade ruminal da matéria seca e proteína bruta, e tempo de colonização microbiana de oleaginosas, utilizadas na alimentação de ovinos - doi: 10.4025/actascianimsci.v33i4.11388 Ruminal degradability of dry matter and crude protein, and microbial colonization time of oil grains in sheep feeding - doi: 10.4025/actascianimsci.v33i4.11388

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Euclides Reuter de Oliveira

    2011-09-01

    Full Text Available Avaliou-se a degradabilidade in situ, dos grãos de linhaça, canola, colza e milho, caroço de algodão, e dos concentrados casca e farelo de soja, em ovinos. Foram utilizados três animais da raça Santa Inês, fistulados e providos de cânulas ruminais, mantidos em baias individuais, recebendo diariamente capim picado e ração concentrada. Os alimentos foram incubados em ordem decrescente de 72, 48, 24, 18, 6, 3 e 0h. O teor de proteína dos alimentos avaliados foram 34,77; 30,07; 23,70; 10,64; 26,12; 14,65 e 56,90% para canola, colza, linhaça, milho, caroço de algodão, casca de soja e farelo de soja, respectivamente. A canola e a colza apresentaram baixa degradabilidade efetiva para a MS, com valor médio de 33,68%. O grão de linhaça apresentou degradabilidade efetiva para a MS de 64,24%, com fração potencialmente degradável de 87,89%. O milho apresentou fração solúvel de 12,33% e uma degradação de 39,67% para a MS. O farelo de soja apresentou-se dentro dos parâmetros normais de degradação com 52,61% para a MS e 52,83% para PB. Para a linhaça, canola e colza a degradabilidade da proteína apresentou valor médio de 18,34%. Os grãos de avaliados apresentaram baixa degradabilidade efetiva para a matéria seca e proteína bruta.This study evaluated in situ ruminal degradability of grains of linseed, canola, rapeseed and corn, whole cottonseed, as well as soybean hulls and soybean meal, in sheep. Three Santa Inês sheep were fistulated and fitted with rumen cannulas. The animals were housed in individual stalls, receiving chopped grass and concentrated feed daily. Feeds were incubated in descending order of 72, 48, 24, 18, 6, 3 and 0h. Protein content was 34.77% for canola, 30.07% for rapeseed, 23.70% for linseed, 10.64% for corn, 26.12% for cottonseed, 14.65% for soybean hulls, and 56.90% for soybean meal. Canola and rapeseed showed low effective degradability of DM, with mean value of 33.68%. Linseed grain had DM

  18. Degradabilidade ruminal in situ de vagens de faveira (Parkia platycephala Benth. em diferentes tamanhos de partículas In situ ruminal degradability of faveira (Parkia platycephala Benth. pods in different particle sizes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.A. Alves

    2007-08-01

    Full Text Available Estimaram-se os parâmetros de degradação ruminal da matéria seca (MS e da proteína bruta (PB de vagens de faveira, trituradas em partículas de 2 e 5mm, pelo método do saco de náilon in situ em ovinos, nos tempos de incubação 3, 6, 12, 24, 48, 72 e 96 horas, e determinou-se a degradabilidade efetiva, considerando-se taxas de passagem 2, 5 e 8%/h. A fração a da MS e da PB foram 69,6 e 49,9%, respectivamente, revelando elevada solubilidade da MS; a fração b para MS e PB foi 24,7 e 43,9%, indicando baixa degradação da MS in situ, com estabilização da degradação da MS às 72h e da PB às 48h de incubação. O tanino de vagens de faveira não se mostrou depressor da degradabilidade in situ da PB.Soluble (a and potentially degradable (b fractions and degradation rate of b fraction (c of dry matter (DM and crude protein (CP of Parkia platycephala pods in particle sizes 2 and 5mm were estimated by in situ nylon bag method in sheep. The times of incubation were 3, 6, 12, 24, 48, 72 and 96 hours, and the effective degradability (ED was determined considering passage rates of 2, 5 and 8%/h. The a fractions for DM and CP was 69.6 and 49.9%, respectively, revealing elevated DM solubility: The b fractions for DM and CP was 24.7 and 43.9%, denoting reduced DM in situ degradation. The stabilization of the DM and CP degradation occurred at 72h and 48h after incubation, respectively. In situ degradability of constituents of P. platycephala pods, in special CP, were not depressed for their tannin contents.

  19. Management practices to control gastrointestinal parasites in sheep farms in Minas Gerais, southeastern Brazil Práticas de manejo para controle de parasitas gastrointestinais em fazendas com ovinos em Minas Gerais, Sudeste do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aurora M.G. Gouveia

    2013-04-01

    criação comercial. O objetivo deste estudo foi determinar o nível tecnológico e o nível de conhecimento dos criadores sobre práticas de manejo para o controle de parasitas gastrintestinais em ovinos no estado de Minas Gerais, sudeste do Brasil. A análise foi baseada em 213 questionários aplicados pelos veterinários oficiais da Agência de Governo Estudal de Saúde Animal (Instituto Mineiro de Agropecuária, IMA, cobrindo 16,6% de todos os municípios. Duzentos e treze propriedades com ovinos foram amostradas e 117 tiveram o seu nível tecnológico determinado. A partir da amostra, 0,9% foi caracterizado como nível elevado, de 45,3%, como de médio e 53,0% como baixo nível tecnológico. O tamanho do rebanho variou de 2 a 1843 com uma média de 80,5 ovinos por propriedade. A maioria dos sistemas de produção de ovinos eram extensivos/semi-extensivos (74,5%. As práticas de manejo adotadas pelos criadores para reduzir o parasitismo foram: separar animais jovens e adultos (5,6%, mudança de pastagem após vermifugar os animais (5,2%, uso de quarentena para animais recem adiquiridos (2,3%, vermifugação de ovelhas recém-chegadas (1,5% e assistência técnica regular (31,9%. Apesar de 76,5% dos criadores vermifugarem os animais, os tratamentos foram realizados sem qualquer critério técnico importante, com um intervalo médio de 4,6 meses. As famílias de drogas mais comumente usadas foram lactonas macrocíclicas (38,5% e benzimidazóis (24,9%. As práticas de manejo adotadas em Minas Gerais são baseadas em recomendações antigas e não em estratégias para prevenir infecções parasitárias. As observações de campo reforçam os achados em que os proprietários obtiveram resultados insatisfatórios na manutenção dos níveis de saúde e produtividade de seus empreendimentos.

  20. BLUETONGUE VIRUS ANTIBODIES DETECTIONS IN SHEEP FROM ARAÇATUBA REGION –SAO PAULO, BRAZIL DETECÇÃO DE ANTICORPOS CONTRA O VÍRUS DA LÍNGUA AZUL EM OVINOS NA REGIÃO DE ARAÇATUBA – SÃO PAULO, BRASIL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Hellmeister de Campos Nogueira

    2009-12-01

    Full Text Available

    Bluetongue (BT is an infectious, insect-born viral disease of ruminants. The causative agent of BT is bluetongue virus (BTV that belongs to the family Reoviridae genus Orbivirus. Insect vectors in the genus Culicoides transmit this virus. BT affects domestic and wild ruminants, however small ruminants are considered the most affected specie. The aim of the study was to detect antibodies against BTV in commercial sheep farms, of the Northeastern region of Sao Paulo State, Brazil. A total of 1002 sera samples collected from adult sheep (above 1 year-old, comprising a total of 31 farms, were screened for the presence of BTV antibodies, by agar gel immunodiffusion test (AGID and ELISA-CFS (Enzyme Linked Immunosorbent Assay – competitive solid phase, both produced by Pan American Center of FMDV. From a total of 1002 samples, 651 (65% were positive by AGID and 742 (74.1%, were positive by ELISA-CFS. These results suggest that the BTV is widespread among farms, probably causing subclinical infections.

    KEY WORDS: AGID, bluetongue virus, ELISA-CFS, seroepidemiological survey.

    A língua azul é uma doença viral, cujo agente etiológico pertence à família Reoviridae, gênero Orbivirus, transmitida por um vetor (artrópode hematófago, do gênero Culicoides. Os animais acometidos são ruminantes domésticos e selvagens, porém os pequenos ruminantes são os mais afetados. O estudo teve como objetivo detectar a presença de anticorpos para língua azul em ovinos da região de Araçatuba, por possuir um rebanho expressivo e condições climáticas favoráveis à multiplicação de insetos. Foram analisadas 1.002 amostras de soros ovinos, provenientes de 31 cabanhas, pelas provas de imunodifusão dupla em gel de ágar (AGID e ELISA (Enzyme Linked immunosorbent Assay de competição da fase sólida (ELISA CFS, provenientes do Centro Panamericano de Febre Aftosa. Desses soros, 651 (65% foram

  1. Efeito da concentração e temperatura de adição de trealose em diluentes para a congelação de sêmen ovino em palhetas Effect of the concentration and addition temperature of trehalose in extenders on freezing ram semen in straws

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adilson Moura

    1995-01-01

    Full Text Available A trealose é um dissacarídio com potencial emprego como crioprotetor quando adicionada aos meios para congelamento de sêmen ovino. Este experimento foi realizado para verificar os efeitos da temperatura de adição (30°C e 4°C e da concentração de trealose (2%, 4% e 6% sobre o sêmen ovino congelado em palhetas, utilizando como base as formulações INRA e TRIS/FRUTOSE. Os efeitos estudados em ambos experimentos foram medidos através da avaliação da motilidade espermática (MOT e da integridade de acrossomas (INTA em diferentes momentos após o descongelamento (0h, 2h e 5h. Os presentes resultados não recomendam a inclusão da trealose visando incrementar a qualidade in vitro do sêmen ovino congelado em palhetas nas concentrações e diluentes testados, porém, sugerem maiores estudos quanto a sua toxidade e possíveis interações com outros constituintes dos diluentes já formulados para o congelamento de sêmen ovino.This study was aimed to evaluate the possible effects of the addition of trehalose to extenders developed for freezing ram semen in straws. The effects of addition temperature (30°C and 4°C and concentration of trehalose (2, 4 and 6% on INRA and TRIS/FRUTOSE diluents was evaluated. Their effects were studied through motility rate and by acrosome integrity at different incubation times after thawing (0, 2 and 5h. The results do not recommend the inclusion of trehalose in these diluents. However, it would be interesting to learn more about toxicity and interactions between the components of the extenders and trehalose in ram sperm frozen in straws.

  2. Cinética ruminal da degradação de nutrientes da silagem de milho em ambiente ruminal inoculado com diferentes aditivos Ruminal degradation kinetics of corn silage in bulls inoculated with different additives in the rumen

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro Andrade Katsuki

    2006-12-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar a cinética ruminal da degradação de MS, PB e FDN da silagem de milho em ambiente ruminal inoculado com diferentes aditivos. Utilizou-se um delineamento em quadrado latino 4 x 4, com quatro bovinos holandeses e quatro períodos de incubação, em ambiente ruminal adaptado ou não com diferentes aditivos alimentares. Foram testados os seguintes tratamentos: SCL - silagem de milho em ambiente ruminal sem inoculação de aditivo; SBL - silagem de milho em ambiente ruminal inoculado com 5 g de produto comercial contendo bactérias ruminais e intestinais liofilizadas (Ruminobacter amylophilum: 3,0 x 10(11 ufc/kg; Fibrobacter succinogenes: 3,0 x 10(11 ufc/kg; Succinovibrio dextrinsolvens: 4,4 x 10(11 ufc/kg; Bacillus cereus: 3,5 x 10(11 ufc/kg; Lactobacillus acidophilus: 3,5 x 10(11 ufc/kg e Streptococcus faecium: 3,5 x 10(11 ufc/kg; SEC - silagem de milho em ambiente ruminal inoculado com 15 g de produto comercial contendo enzimas celulolíticas (xilanase 10%; e SMS - silagem de milho em ambiente ruminal inoculado com 3 g de produto comercial contendo monensina sódica. Os tratamentos SBL e SEC não afetaram a fração potencialmente degradável (b dos nutrientes avaliados da silagem de milho. A monensina sódica reduziu a fração (b da MS (51,01% e a degradabilidade potencial da silagem de milho (72,33%. Entre os aditivos estudados, a monensina sódica proporcionou a maior fração não-degradável da FDN (45,57%, reduzindo o desaparecimento desta fração a partir de 48 horas de incubação intra-ruminal. Os diferentes aditivos, nas concentrações estudadas, não proporcionaram melhora na degradabilidade efetiva da MS, PB e FDN da silagem de milho.Four bulls fitted with ruminal cannula were used in a 4 x 4 Latin square design to evaluate the effects of different ruminally inoculated additives on the degradation kinetics of DM, CP, and NDF of corn silage (CS. The treatments were: control CS incubated in rumen with no

  3. Avaliação de oxigenador de membrana infantil em ovinos Evaluation of infant membrane oxygenator in sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata Geron Finoti

    2008-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a segurança e a eficácia de um novo oxigenador de membrana denominado OXM -1500. MÉTODOS: No período de maio de 2005 a setembro de 2006, foram estudados seis ovinos da raça Santa Inês, sendo cinco machos e uma fêmea, com peso corpóreo médio de 14,1 (±5 kg, superfície corpórea de 0,6 (±0,2 m² e idade média de 3,8 (±1,5 meses. Todos foram submetidos a circulação extracorpórea (CEC com avaliação nos tempos 10, 30, 60, 120, 180 e 240 minutos, obtendo-se os valores de taxa de transferência de oxigênio (TTO2 e de taxa de transferência de gás carbônico (TTCO2, hemoglobina sérica (HBS e livre (HBL, plaquetometria, leucometria e taxa de transferência de calor. RESULTADOS: Houve adequadas TTO2 e TTCO2. A lesão da maioria dos elementos figurados do sangue foi insignificante, sem alterações dos níveis de HBS, HBL, plaquetas e o número de leucócitos diminuíram com o tempo. A troca de calor foi efetiva (p OBJECTIVE: To analyze the security and efficacy of a new membrane oxygenator, the so-called OXM - 1500. METHODS: From May 2005 to September 2006, six sheep of Santa Inês breed (five male and one female, respectively were studied. The average body weight was 14.1 (±5 kg, body surface 0.6 (±0.2 m² and a mean age 3.8 (±1.5 months. All of them were submitted to extracorporeal circulation (CEC with evaluation at 10, 30, 60, 120, 180 and 240 minutes. The following values were obtained: values of oxygen transference (TTO2 and carbon dioxide transference (TTCO2, haemoglobin (HBS and free haemoglobin (HBL, the score of platelets and of leucocytes, and heat transference rate. RESULTS: TTO2 and TTCO2 were adequate. Lesion of the majority formed blood elements was insignificant; there no modifications in HBS, HBL levels; platelets and leucocytes decreased over time. Heat exchange was effective (p < 0.05. CONCLUSIONS: The membrane OXM - 1500 infant oxygenator, tested in sheep, showed adequate oxygenation capacity

  4. Estudo morfológico do funículo espermático em ovinos da raça Corriedale (Ovis aries, L. 1758

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberto Carvalhal

    2000-01-01

    Full Text Available Estudamos em 40 ovinos adultos da raça Corriedale os aspectos histológicos do funículo espermático. Observamos que este se acha envolvido por uma cápsula de tecido conjuntivo fibroelástico denso, de espessura variável, pregueada em alguns pontos, e revestida por mesotélio que circunda todo o conjunto vásculo-nervoso, e projeta-se para formar o mesoducto deferente. Em posição subcapsular, verifica-se uma camada de tecido conjuntivo fibroelástico frouxo, de espessura variável, que circunda parcialmente o funículo espermático, isolando nas regiões deferencial e abdeferencial conjuntos vásculo-nervosos, responsáveis pela nutrição do epidídimo. Na região do mesoducto deferente, o tecido subcapsular acompanhado de tecido adiposo constitui a camada interna deste meso, formando a sua adventícia e abrigando vasos e nervos deferenciais. Na região abdeferencial, pequenos acúmulos de tecido adiposo são vistos de permeio aos vasos e nervos desta região. Entre as artérias, veias e nervos testiculares, bem como entre os vasos das regiões deferencial e abdeferencial, observa-se o tecido conjuntivo denso, intervascular, rico em fibras elásticas, que constitui as adventícias contínuas destes vasos. O arranjo vascular mostra que o segmento da artéria testicular, contido no funículo espermático, apresenta trajeto sinuoso. Estando envolvido pelo plexo venoso pampiniforme, formado por veias testiculares desprovidas de válvulas de calibres variados, apresentando amplas comunicações entre si. As veias responsáveis pela drenagem do epidídimo e ducto deferente estão localizadas em posição subcapsular deferencial e abdeferencial e mostram-se providas de válvulas. O trato das artérias testiculares no funículo espermático apresenta como comprimento médio, máximo e mínimo, respectivamente, 150,4 cm, 198,0 cm e 73,3 cm, à direita, e 149,6 cm, 189,2 cm e 90,0 cm, à esquerda, não existindo diferenças estatisticamente

  5. Eficácia anti-helmíntica comparativa da associação albendazole, levamisole e ivermectina à moxidectina em ovinos Comparative anthelmintic efficacy of the association albendazol, levamisol and ivermectin to moxidectin in sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina Buzzulini

    2007-06-01

    Full Text Available Avaliou-se a eficácia anti-helmíntica da associação de albendazole 2,0%, cloridrato de levamisole 2,55% e ivermectina 0,08% comparativamente à moxidectina 1% em ovinos naturalmente infectados. Foram selecionados 24 ovinos para a composição de três grupos experimentais com oito animais cada: T1, ovinos tratados com a associação albendazole, levamisole e ivermectina, na dosagem de 1 mL 4 kg-1 de peso corporal; T2, ovinos tratados com moxidectina, na dosagem de 1 mL 50 kg-1 de peso corporal e T3, ovinos sem tratamento anti-helmíntico. Foram realizadas contagens de ovos por grama de fezes (OPG no primeiro, terceiro, quinto e sétimo dia após os tratamentos. No sétimo dia todos os ovinos foram necropsiados e todos os helmintos encontrados no trato gastrintestinal foram quantificados e identificados quanto ao gênero e à espécie. A associação dos diferentes princípios ativos foi 100% eficaz no combate às espécies Cooperia punctata, C. pectinata, C. spatulata, Trichostrongylus axei, Oesophagostomum columbianum, Trichuris ovis, C. curticei e Strongyloides papillosus e, a moxidectina eliminou as seis primeiras espécies citadas. Contra Haemonchus contortus a associação apresentou eficácia superior (93% à moxidectina (51,4%. Ambas formulações foram eficazes contra Trichostrongylus colubriformis. A associação medicamentosa utilizada constitui alternativa no controle das nematodioses ovinas.The anthelmintic efficacy of 2.0% albendazol, 2.55% levamisol chloridrate and 0.08% ivermectin formulation to 1% moxidectin in sheep naturally infected with gastrointestinal nematodes was compared. Twenty-four animals were selected by faecal egg counts (FEC means, composing three experimental groups with eight sheep each: T1, sheep treated with albendazol, levamisol and ivermectin association; T2, sheep treated with 1% moxidectin and T3, untreated group. FEC was estimated at 1st, 3rd, 5th and 7th day post-treatment. All animals were

  6. Substituição do milho por farelo de palma forrageira em dietas de ovinos em crescimento: desempenho Replacement of corn by forage cactus meal in growing lambs diets: performance

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Robson Magno Liberal Véras

    2005-02-01

    Full Text Available Objetivou-se, com este trabalho, avaliar quatro níveis de substituição do milho (0; 33; 67 e 100% pelo farelo de palma forrageira sobre o desempenho de ovinos em crescimento terminados em confinamento. Vinte carneiros mestiços Santa Inês foram distribuídos em delineamento em blocos ao acaso, com quatro tratamentos (níveis de substituição do milho pelo farelo de palma e cinco repetições. Além do milho e/ou farelo de palma, os animais receberam feno de Tifton (Cynodon dactylon, como volumoso, farelo de soja, calcário e sal mineral. O ganho de peso e a conversão alimentar diminuíram, enquanto os consumos de FDN e de FDA aumentaram linearmente com a substituição. Os consumos de matéria seca, de proteína bruta, de matéria orgânica e de carboidratos totais e o rendimento de carcaça não foram influenciados pela substituição do milho pelo farelo de palma.The objective of this work was to evaluate four corn replacement levels (0, 33, 67 and 100% by forage cactus meal on performance of feedlot growing lambs. Twenty crossbred lambs were allotted to a completely randomized block design with four treatments (replacement of corn by forage cactus meal and five replications. Besides corn and/or forage cactus meal, the animals were fed Tifton hay (Cynodon dactylon, as forage, soybean meal, limestone and mineral salt. Weight gain and feed:gain ratio decreased and intakes of NDF and ADF increased linearly with corn replacement. The intakes of dry matter, crude protein, organic matter and total carbohydrates and carcass yield were not affected by replacement of corn by forage cactus meal.

  7. Implante de tubo valvulado bioprótese "stentless" em posição aórtica: estudo experimental em ovinos A juvenile sheep model for the stentless bioprostheses implanted as aortic root replacements

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo César SANTOS

    2002-03-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: O tratamento das lesões valvares representa um grande desafio dentro da cirurgia cardiovascular, pois, até os dias atuais, não temos um substituto ideal para as valvas do coração. As próteses atualmente disponíveis apresentam vantagens e desvantagens; as mecânicas exigem anticoagulação definitiva e as biológicas apresentam baixa durabilidade. Para se chegar a um substituto ideal, são necessárias várias fases, desde a escolha e o preparo do material até o implante em animal de grande porte. Esta última é muito importante, pois a escolha do animal deve ser criteriosa. Ovinos juvenís são animais dóceis de fácil manipulação e suas características anatômicas e biológicas se assemelham muito ao que ocorre com o ser humano e as próteses "stentless" são substitutos mais próximos dos homoenxertos. MATERIAL E MÉTODO: Foram operados 30 ovinos juvenís com idade variando de 4,4 a 6,3 meses, peso de 25 a 37 kg, sendo 28 machos. Todos os animais foram submetidos a circulação extracorpórea para implante de bioprótese "stentless" montada em tubo de aorta porcina, com reimplante de artérias coronárias. A operação foi realizada com hipotermia moderada e cardioplegia gelada. O período de seguimento foi de 30 dias e, ao final, realizado ecocardiograma. RESULTADOS: Houve 8 (26,6% óbitos no intra-operatório e 6 (27,7% óbitos no seguimento. O tempo médio de CEC foi de 98 min. Foi realizado ecocardiograma em 16 animais e em nenhum caso foram vistos sinais de endocardite ou outras alterações; a fração média de ejeção foi de 74%. CONCLUSÃO: Este modelo experimental utilizando ovinos para o estudo de biopróteses "stentless" em posição aórtica mostrou-se bem reprodutível e a performance do enxerto bastante factível de ser avaliada, pois ovinos são animais dóceis e de fácil manipulação no seguimento tardio.INTRODUCTION: Often, studies on aortic prosthetic valves analyze their performance not at the

  8. ECTOPARASITES IN GOATS AND SHEEPS IN THE TOWN OF MOSSORO, RIO GRANDE DO NORTE ECTOPARASITOS EM CAPRINOS E OVINOS NO MUNICÍPIO DE MOSSORÓ, RIO GRANDE DO NORTE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    ana diogenes suassuna bezerra

    2010-04-01

    Full Text Available Goats and sheeps present an ectoparasite diversity that may result in considerable losses in these animals productivity. Fifteen agrarian reform settlements were visited, with the purpose of identifying ectoparasites in goats and sheeps, in which scraping, direct exams, and auricle exsudate collections were carried out. From the 494 examined goats, 89.87% had ectoparasites, as well as 232 sheeps, 76.72%. The arthropods identified in the goats were: Bovicola caprae (80.76%, Rhipicephalus microplus (1.01%, Cochliomyia hominivorax larvae (0.6%, Psoroptes cuniculi (0.4%, and Ctenocephalides felis (3.23%, Amblyomma parvum (1.01% and Linognathus stenopsis (0.2% which were described for the first time in Brazilian northeast. Mixed parasitism of B. caprae with R. microplus (0.46% and P. cuniculi with B. caprae (0.23% was also identified. In sheeps, B. ovis (74.5%, R. microplus (0.86%, C. hominivorax larvae (0.43% and A. parvum (0.43% were the ones registered for the first time, in this species, in Brazilian northeast, besides the association of B. ovis with R. microplus (0.56%. There was no association between gender and age (P>0.05. The development of studies to evaluate the ectoparasite importance as a limiting factor to animal production becomes important. 

    KEY WORDS: Goats, ectoparasite, sheeps.

    Caprinos e ovinos apresentam uma diversidade de ectoparasitos que podem resultar perdas consideráveis na produtividade desses animais. Visitaram-se quinze assentamentos de reforma agrária, com o objetivo de identificar ectoparasitos de caprinos e ovinos, procedendo-se à realização de raspados, exames diretos e coletas de exsudato do pavilhão auricular. Dos 494 caprinos examinados, 89,87% apresentaram ectoparasitos, e dos 232 ovinos, 76,72%. Os artrópodes identificados em caprinos foram: Bovicola caprae (80,76%, Rhipicephalus microplus (1,01%, larvas de Cochliomyia hominivorax (0,6%, Psoroptes cuniculi (0,4%, além de

  9. Perineal hernia in sheep containing pregnancy uterus / Hérnia perineal em ovino com útero gravídico como conteúdo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Augusto José Savioli de Almeida Sampaio

    2010-09-01

    Full Text Available Herniations and eventrations are ordinary events of buiatric clinic. Umbilical and inguinal hernias are well described, but perineal hernias in small ruminant animals are not so mentioned. Even though being the perineal hernia more common in cats and dogs, it might be occasionally observed in pregnant sheep close to delivery, being the gravid uterus rarely as content. The present study describes the event of perineal hernia with gravid uterus as content in a sheep of approximately one year old with no breed defined with a pregnancy period about 120 days. The adopted procedure included surgical reduction of the hernia, but without the closure of the hernial ring. The animal presented excellent recovery without post-surgery complications. Herniações e eventrações são ocorrências comuns na clinica buiátrica. Hérnia umbilical e inguino-escrotal são bem descritas, porém hérnias perineais em pequenos ruminantes são pouco relatadas. Apesar de a hérnia perineal ser mais comum em cães e gatos, pode ser ocasionalmente observada em ovelhas gestantes próximas ao parto sendo que raramente apresenta o útero como conteúdo. O presente relato descreve a ocorrência de hérnia perineal com útero gravídico como conteúdo em uma ovelha de aproximadamente um ano de idade sem raça definida com tempo de gestação aproximado de 120 dias. A terapêutica adotada incluiu a redução cirúrgica da hérnia, porém, sem a síntese do anel herniário. O animal apresentou excelente recuperação sem complicações pós-operatórias.

  10. Neoformação óssea e osteointegração de biomateriais micro e nanoestruturados em ovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruna D. Costa

    2015-02-01

    Full Text Available A substituição de parte do tecido ósseo se faz necessária muitas vezes na rotina cirúrgica, seja em função de fraturas, neoplasias ósseas ou enfermidades ortopédicas que acarretem em perda óssea. Neste sentido, têm se buscado biomateriais capazes de promover esta substituição, evitando o uso de enxertos ou transplantes ósseos. O objetivo deste trabalho foi avaliar a capacidade osteoregenerativa de biomateriais em diferentes composições, em tíbias de ovinos. Foram utilizadas oito ovelhas mestiças texel, com 12 meses de idade e peso médio de 28,5±7,4kg. Após adequada preparação anestésica e cirúrgica, foram produzidos três defeitos ósseos na diáfise das tíbias em sua face medial, totalizando seis defeitos de 6mm cada, sendo que quatro foram preenchidos por biomateriais, e dois por fragmentos ósseos retirados do próprio animal (autocontrole. Os materiais implantados foram: hidroxiapatita (HA, tricálcio fosfato-β (TCP-β, hidroxiapatita/tricálcio fosfato-b 60/40 (HA/TCP-b 60/40 e o nanocompósito hidroxiapatita/alumina a 5% (HA/Al2O3 a 5%. Os animais foram alocados em dois grupos: Grupo 60 (n=04, em que os animais foram eutanasiados após 60 dias da colocação dos implantes e Grupo 90 (n=04, em que a eutanásia ocorreu 90 dias após a colocação dos implantes. Foram realizadas radiografias nos períodos pré-operatório, imediatamente após o procedimento e aos 30, 60 e 90 dias de pós-operatório, a fim de excluir qualquer alteração prévia ou complicação pós-operatória, capaz de comprometer o estudo. Após a eutanásia, foram coletadas as tíbias para avaliação macro e microscópica, por meio de microscopia eletrônica de varredura (MEV e microscopia óptica. Os resultados encontrados mostraram uma boa capacidade de neoformação óssea e uma lenta absorção da HA. O TCP-β foi rapidamente absorvido e apresentou boa capacidade osteoindutiva e osteocondutiva, sendo observada neoformação óssea no

  11. Digestão do feno de capim-elefante anão (Pennisetum purpureum Schum. cv. Mott sob diferentes níveis de consumo em ovinos Dwarf elephant grass hay (Pennisetum purpureum Schum. cv. Mott digestion by sheep at different levels of intake

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jucileia Aparecida da Silva Morais

    2007-04-01

    Full Text Available Foram utilizados doze ovinos Texel × Corriedale machos, castrados, com 12 meses de idade e peso vivo (PV inicial médio de 27kg, mantidos em gaiolas de metabolismo, em um delineamento inteiramente casualizado, conduzido em dois períodos, para avaliar o efeito do nível de consumo (base matéria seca (MS de feno de capim elefante anão (CEA (1,50; 1,75; 2,00; 2,25; 2,50% do PV e ad libitum sobre a digestão nesses animais. A digestibilidade aparente da MS, da matéria orgânica (MO e do nitrogênio (N, bem como a digestibilidade verdadeira do N, o teor de nutrientes digestíveis totais e a síntese de proteína microbiana ruminal não foram afetados, mas a retenção de N (em g dia-1 e como % do N consumido foi sempre positiva e aumentou linearmente (PTwelve one year old Texel x Corriedale castrated male sheep, with 27kg mean live weight (LW, housed in metabolic cages, were used in a completely randomized experiment, carried out in two periods, to evaluate the effect of level of intake (dry matter (DM basis of dwarf elephant grass (1.5; 1.75; 2.0; 2.25; 2.5% of LW and ad libitum on digestion. DM, organic matter (OM and nitrogen (N apparent digestibility, as well as the N true digestibility, total digestible nutrients (TDN contents and rumen microbial protein synthesis were not affected by level of hay intake. N retention (as g day-1 and as % of N intake was always positive and increased linearly (P<0.05 as the level of hay intake increased. However, neutral (NDF and acid detergent fiber (ADF apparent digestibility, as well as OM true digestibility decreased linearly (P<0.05 with increasing intake. Passage rate and mean retention time in the cecum-colon were not affected, whereas passage rate through the reticulum-rumen increased and mean retention time decreased (P<0.05 as the level of intake increased. Fibre and OM true digestibility decreased as hay intake increased (P<0.05, mainly due to a decreasing in retention time of particles into the

  12. Avaliação do uso de extratos vegetais para controle da hemoncose em ovinos naturalmente infectados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Matheus Diniz Gonçalves Coêlho

    2017-03-01

    Full Text Available A ovinocultura no Brasil tem sido considerada uma importante prática econômica. Entretanto, há alguns problemas relacionados com esta prática, dentre os quais se destaca a hemoncose. Haemonchus contortus é tido como o principal helminto parasita de ovelhas, considerando-se o fato de ser o único hematófago direto, podendo causar anemia, perda de peso, edema submandibular, baixa qualidade da carne e da lã e óbito de uma grande porcentagem do rebanho. Atualmente, opta-se pelo tratamento alopático para controle da hemoncose, porém, devido ao uso repetitivo, observa-se desenvolvimento crescente de resistência. Neste sentido, a fitoterapia tem se destacado como uma alternativa promissora. Sendo assim, no presente trabalho objetivou-se avaliar a atividade anti-parasitária de três extratos vegetais: extratos hidroalcoólicos obtidos por percolação de Lepidium didymum e Momordica charantia, e extrato aquoso de Tagetes minuta. Animais da raça santa Inês foram triados para identificação de espécimes parasitados e separados em quatro grupos com seis animais cada, sendo um grupo controle sem tratamento, e os demais tratados com 200 mg/dia (5 mg/kg de peso corpóreo com os três extratos, durante 5 dias. Após o tratamento foi realizada determinação de OPG (ovos por grama de fezes pelo método MacMaster com modificação. Observou-se que o os animais dos grupos tratados com os extratos de L. didymum e M. charantia apresentaram redução significativa (p<0,05 do número de OPG observado, portanto, esses extratos podem ser úteis no tratamento da hemoncose ovina.

  13. Mastite em pequenos ruminantes no Brasil Small ruminant mastitis in Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodolfo de M. Peixoto

    2010-09-01

    Full Text Available Este artigo objetivou revisar as informações recentes sobre mastite em pequenos ruminantes, abrangendo etiologia, epidemiologia, aspectos de controle e profilaxia. Houve a preocupação em reunir resultados de estudos desenvolvidos no Brasil, uma vez que a mastite tem a interferência de uma série de fatores, como fatores ambientais e outros decorrentes dos sistemas de manejo empregados, condições essas determinantes para etiologia e epidemiologia da enfermidade. A prevalência da mastite em caprinos varia entre 22 e 75%, sendo que os casos de mastite subclínica são os mais frequentes. Existe uma carência de trabalhos voltados para os aspectos epidemiológicos da enfermidade no nosso país. Contudo, observa-se que a mastite vem assumindo importância cada vez maior nos rebanhos voltados para produção de carne, sendo encontrados resultados de pesquisa, principalmente na espécie ovina. A mastite estafilocócica corresponde à maior fração nas infecções intramamárias em pequenos ruminantes. O caráter zoonótico de alguns patógenos, a exemplo do Staphylococcus aureus ressalta a importância da implantação de programas de controle em propriedades leiteiras. Algumas das ferramentas de diagnóstico ainda necessitam de padronização, principalmente para espécie caprina que apresenta uma série de particularidades. Ainda são discutidas as principais estratégias de controle como o manejo de fêmeas e suas crias, os procedimentos de ordenha e a utilização de vacinas.The present reviews mastitis in small ruminants, focusing important aspects of etiology, epidemiology, diagnose, control, and prophylaxis. There was a special concern in review studies developed in Brazil, since mastitis results from a combination of many factors such as environmental and management conditions that concur for the action of etiological agents and for the epidemiology of this relevant disease. The prevalence mastitis in goats varies from 22 to 75%, with

  14. Capim-elefante amonizado e farelo de cacau ou torta de dendê em dietas para ovinos em crescimento Amnonizated elephant grass and cocoa meal or palm kernel cake in growing sheep diet

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Herymá Giovane de Oliveira Silva

    2008-04-01

    Full Text Available Estudou-se o efeito da amonização do capim-elefante e da substituição parcial do concentrado padrão, à base de milho e farelo de soja, por concentrados contendo farelo de cacau ou torta de dendê sobre o desempenho de ovinos. Utilizaram-se 18 ovinos machos não-castrados da raça Santa Inês, com peso corporal médio de 22,6 kg, distribuídos em um delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial 2 × 3 com três repetições. O período experimental teve duração de 77 dias: 14 dias de adaptação e três períodos de 21 dias para coleta dos dados. As dietas foram compostas de 60% de volumoso (silagem de capim-elefante não tratado ou tratado com uréia e 40% de concentrado. Utilizaram-se três concentrados, um à base de milho e farelo de soja, outro contendo milho, farelo de soja e farelo de cacau e outro contendo milho, farelo de soja e torta de dendê. Os consumos de matéria seca em %PC foram menores entre os animais alimentados com concentrado contendo torta de dendê, entretanto, não houve diferença entre o concentrado padrão e aquele com farelo de cacau nem entre os volumosos. Também não houve interação volumoso × concentrado. O ganho de peso foi maior nos animais alimentados com o capim-elefante amonizado. A lucratividade parcial por kg de ganho de peso elevou com a amonização do capim-elefante e reduziu com a inclusão dos subprodutos no concentrado.The effect of ammonization of elephant grass and the partial substitution of the standard concentrate based on corn and soybean meal by concentrates containing cocoa meal or palm cake on sheep performance was evaluated. A total of 18 Santa Inês male sheep, with average 22.6 kg BW, was allotted to a completely randomized design in a 2 × 3 factorial arrangment with three replications. The experimental period consisted of 77 days, with 14 days for adaptation and three periods of 21 days for data collection. The diets constituted of 60% forage (elephant grass no

  15. Doença tremorgênica em ruminantes e equídeos no semiárido da Paraíba Tremorgenic disease in ruminants and equidae in the Brazilian semiarid

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Clarice R.M. Pessoa

    2010-07-01

    Full Text Available Descrevem-se oito surtos de uma doença tremorgênica em bovinos, ovinos, equinos e muares na região do Cariri, semiárido da Paraíba. Sete surtos aconteceram de julho a dezembro de 2007, com maior frequência entre setembro e outubro. Outro surto foi observado em fevereiro de 2008. Todos os surtos ocorreram no período da seca. Os sinais observados foram tremores musculares, hipermetria, ataxia, aumento da base de sustentação, constante estado de alerta e, em alguns casos, decúbito. Quando retirados das pastagens os animais recuperavam-se em 3-4 dias a duas semanas, porém quando retornavam ao pasto de origem adoeciam novamente. Um ovino foi necropsiado e não foram observadas lesões macroscópicas ou microscópicas. Em seis propriedades a doença ocorreu em cultivos de palma invadidos por gramíneas e em duas em áreas de caatinga desmatada invadidas pelas mesmas gramíneas. Diversas gramíneas, incluindo Digitaria bicornis, Enteropogon mollis, Chloris virgata e Chloris barbata foram encontradas nos piquetes onde ocorreu a doença. Dois equinos foram alimentados por sete dias com gramíneas secas provenientes de fazendas onde haviam acontecido surtos da doença. Um dos equinos apresentou sinais leves da doença no quinto dia de ingestão, mas recuperou-se no dia seguinte. Esses resultados sugerem que a doença está associada à ingestão de alguma gramínea, possivelmente Chloris spp. Relatos anteriores mencionam a ocorrência de uma intoxicação semelhante, entre 1956 e 1962, no Agreste Pernambucano, em pastagens de Chloris orthonothon.Eight outbreaks of a tremorgenic disease are reported in ruminants and equidae in the semiarid region of the Brazilian state of Paraíba. Seven outbreaks occurred from July to December 2007, with highest frequency in September and October. Another outbreak was observed in February 2008. All outbreaks occurred during the dry season. The disease affected horses, mules, cattle and sheep. Clinical signs

  16. INFECTIOUS KERATOCONJUNTIVITIS OUTBREAK IN OVINES DUE TO Moraxella spp IN STATE OF GOIÁS, BRAZIL SURTO DE CERATOCONJUNTIVITE INFECCIOSA EM OVINOS CAUSADA POR Moraxella spp. NO ESTADO DE GOIÁS, BRASIL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nilo Sérgio Troncoso Chaves

    2008-04-01

    Full Text Available

    This article reports an infectious keratoconjuntivitis outbreak in sheeps (OKC situated in Quirinopólis Goiás, where raised 140 ovines for slaughter and from these 100 became ill. <em>Moraxela> bovis isolation was done in culture medium in the Food Analysis Center and Microbiological Latoratory of Veterinary Medicine Department, both from the Veterinary College of Goiás Federal University. The disease focus control envolved the following protocol: 1. hygienics – animal quarantine in low luminosity ambient, rest and appropriate food; 2. medicamentous – eye washing with 0,9% sodium chloride solution followed by application oxytetracyclin chloridrate ophtalmic ointment and intramuscular injection of long-acting oxytetracyclin chloridrate in ill and healthy animals; 3. preventive – use of commercial vacine against OKC and fly control. Recovery of the great part of animals minimized the damages and avoid the disease spreading on this farm and others surrounding properties. In Brazil, there are few studies about OKC outbreaks. The incentive to carry out this study was the scarceness of data related to this serious ocular deasease caused by bacterium <em>Moraxela> spp. in ovines in state of Goiás.
    KEY  WORDS: Keratoconjuntivitis, <em>Moraxella> spp,.sheep.

    Este trabalho descreve um surto de ceratoconjuntivite infecciosa ovina (CCI, em 100 dos 140 ovinos existentes, no município de Quirinópolis, GO. O isolamento da <em>Moraxellaem

  17. Doenças do sistema nervoso central em caprinos e ovinos no semi-árido Diseases of the central nervous system in goats and sheep of the semiarid

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Karla M.R. Guedes

    2007-01-01

    Full Text Available O conhecimento das doenças dos animais domésticos, nas diferentes regiões do Brasil é importante para determinar formas eficientes de profilaxia e controle. Este trabalho tem como objetivo descrever a epidemiologia, sinais clínicos e patologia das enfermidades do sistema nervoso central (SNC de caprinos e ovinos, que ocorreram de janeiro de 2000 a maio de 2006 no semi-árido, principalmente do estado da Paraíba. Durante o período, 365 casos ou surtos foram diagnosticados em caprinos e 270 em ovinos. Desses, 63 (9,92% eram doenças do SNC, sendo 34 (9,31% em caprinos e 29 (10,7% em ovinos. As principais enfermidades foram abscessos (19,04%, tétano (15,9%, raiva (9,52% intoxicação por Ipomoea asarifolia (7,93%, listeriose (6,34%, trauma (6,34%, polioencefalomalacia (4,77%, toxemia da prenhez (3,17%, ataxia enzoótica (3,17% e meningite (3,17%. Outras doenças diagnosticadas numa única oportunidade (1,59% foram intoxicações por Crotalaria retusa, Ipomoea carnea, Ipomoea sericophylla e Prosopis juliflora, otite com encefalite, malformação, linfossarcoma linfoblástico, meduloblastoma e necrose simétrica focal. Em 6,34% dos casos o diagnóstico foi inconclusivo.The knowledge of the diseases of domestic animals in the different Brazilian regions is important to determine measures for their control and prevention. The objective of this paper is to report the epidemiology, clinical signs and pathology of the diseases of the central nervous system (CNS of goats and sheep in the Brazilian semiarid, mainly in the state of Paraíba, diagnosed at the Veterinary Hospital of the Federal University of Campina Grande, from January 2000 to May 2006. During the period, 365 cases or outbreaks were diagnosed in goats and 270 in sheep. From these, 63 (9.92% were of diseases of the CNS, being 34 (9.31% in goats and 29 (10.7% in sheep. The main diseases were abscesses (19.04%, tetanus (15.9%, rabies (9.52% poisoning by Ipomoea asarifolia (7

  18. Avaliação de técnicas de biópsia hepática em ovinos Evaluation of hepatic biopsy techniques in sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro B. Néspoli

    2010-01-01

    Full Text Available Devido à carência de informações sobre o tema e à ausência de estudos que confrontem as técnicas de biópsia hepática em ovinos, foi desenvolvido um estudo comparativo entre oito técnicas de biópsia nesta espécie. Neste estudo foram utilizadas oito borregas (17,95kg ± 2,71 mestiças (Santa Inês em procedimentos seriados por oito semanas consecutivas e avaliados os aspectos clínicos, os achados de patologia clínica, o peso das amostras hepáticas, a qualidade histológica, o número de veias centrolobulares e espaços-porta e a presença de artefatos no corte histológico de amostras hepáticas obtidas através de seis técnicas percutâneas e duas técnicas videolaparoscópicas. Para as técnicas percutâneas empregaram-se dois tipos de agulhas, Menghini modificada (M e Tru-cut semi-automática (T, combinadas com biópsias cegas, guiadas por ultra-sonografia (US e monitoradas por videolaparoscopia (VL. No caso dos procedimentos vídeolaparoscópicos utilizaram-se pinça laparoscópica de biópsia Blakesley e método de ressecção de fragmento hepático por VL. Não foram observadas alterações hematológicas ou bioquímicas relevantes e as manifestações clínicas detectadas foram leves e transitórias. De uma forma geral, o uso da US e da VL nas biópsias percutâneas não resultou em acréscimo significativo do peso e da qualidade histológica das amostras hepáticas, porém as técnicas videolaparoscópicas permitiram acesso mais amplo ao fígado do que as técnicas percutâneas. A qualidade das amostras recuperadas com ambas as técnicas VL foram equivalentes, entretanto o uso da técnica de ressecção permitiu a colheita de amostras de maior peso, mas determinou a formação de aderências perihepáticas. Verificaram-se maior dificuldade na recuperação de fragmentos, maior oscilação do peso e menor qualidade das amostras obtidas com o uso das agulhas M do que com o das agulhas T.Due to lack of information about the

  19. Rentabilidade da produção de ovinos de corte em pastagem e em confinamento Economic return of sheep production on pasture and in feedlot

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carina Simionato de Barros

    2009-11-01

    Full Text Available Os objetivos neste trabalho foram analisar a viabilidade econômica de sistemas de produção de cordeiros e identificar os componentes de maior influência no custo de produção. O estudo foi realizado em duas etapas. Na etapa 1, realizou-se a comparação de quatro sistemas de terminação de cordeiros: 1 desmame aos 60 dias e terminação em pasto; 2 cordeiro com mãe em pasto; 3 cordeiro com mãe em pasto e concentrado (1% PC/dia em creep feeding; e 4 desmame aos 60 dias e confinamento. Na etapa 2, um módulo de 150 ovelhas em 9 ha de pasto cultivado nos sistemas em pastagem e 7 ha no confinamento foi proposto a partir do experimento para avaliações econômicas, considerando a venda de cordeiro vivo terminado ou abate e venda de carne, além da venda de matrizes. Foram realizados cálculos de custo fixo (depreciação, variável (materiais, mão-de-obra, transporte, abate, juros, conservação, despesas gerais e total (fixo+variável, lucratividade e rentabilidade, valor presente líquido, taxa interna de retorno e custo/benefício. O maior custo total foi observado no confinamento e o menor, no sistema de cordeiro terminado com a mãe em pasto. A margem líquida na venda de cordeiros foi negativa em todos os sistemas. A venda de carne apresentou margem líquida negativa apenas para terminação em confinamento. A taxa interna de retorno para venda de carne foi: 1,4% no desmamado em pasto; 4,3% no de cordeiro com mãe em pasto; 2,1% no creep feeding; e -2,3% no confinamento. Os componentes do custo operacional total com maior influência sobre o custo de produção nos sistemas a pasto, em ordem decrescente, foram mão-de-obra e alimentação; no confinamento, foram alimentação e mão-de-obra. A venda da carne apresentou lucratividade maior que a venda de cordeiro vivo, com maior valor no sistema sem desmame terminado na pastagem.The objectives of this study were to analyze the economic viability of meat lamb production systems and

  20. Comportamento ingestivo e parâmetros sanguíneos em ovinos que receberam dietas contendo aditivos à base de extratos de própolis em

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    O.P. Prado-Calixto

    Full Text Available RESUMO Objetivou-se avaliar os efeitos do extrato de própolis (LLOSC2 sobre o comportamento ingestivo e os parâmetros sanguíneos em cordeiros alimentados com dieta concentrada. Foram utilizados quatro cordeiros machos, castrados, sem raça definida e com peso médio inicial de 32±1,92kg, mantidos em gaiolas metabólicas individuais durante todo o período experimental. O delineamento experimental foi em quadrado latino 4x4, com quatro animais, quatro dietas e quatro períodos experimentais. As dietas diferiram em relação à adição ou não de extratos de própolis à ração. As dietas testadas diferiam na adição de zero (controle, 1(88,16mg/g de flavonoides, duas (176,32mg/g de flavonoides ou três (264,48mg/g de flavonoides doses de aditivo à base de extrato de própolis LLOSC2. A dieta tinha relação volumoso:concentrado de 40:60 e foi formulada para ganhos de 250g. A ração concentrada era composta de milho e farelo de soja. O comportamento ingestivo dos animais foi observado por 24 horas, divididas em quatro períodos de seis horas. As coletas de sangue eram realizadas no último dia do período. Não houve efeito das doses LLOSC2 sobre o tempo despendido em alimentação, ruminação, ócio e ingestão de água. A duração do ciclo ruminativo foi maior nos animais que receberam duas doses de LLOSC2, e o número de movimentos mastigatórios também tendeu a aumentar no período que compreendia das 13 às 19h. Já a dieta contendo uma dose de LLOSC2 aumentou a duração da ruminação do bolo bem como o seu número total de mastigações no período de uma a sete horas. Houve uma diminuição nos níveis séricos de cortisol com a adição de três doses de LLOSC2. O hemograma, o leucograma, o perfil bioquímico e as imunoglobulinas não foram afetados pela inclusão das doses de LLSOC2. A administração de extrato de própolis LLOSC2 à dieta de ovinos não afetou seu comportamento ingestivo, os parâmetros hematol

  1. Crystal-associated cholangiopathy in sheep grazing Brachiaria decumbens containing the saponin protodioscin Colangiopatia associada a cristais em ovinos alimentados com Brachiaria decumbens que contém a saponina protodioscina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Karine B. Brum

    2007-01-01

    Full Text Available An outbreak of hepatogenous photosensitization is reported in a flock of 28 sheep grazing Brachiaria decumbens in Mato Grosso do Sul State, Central-Western Brazil. Seven lambs and an adult sheep were affected and 6 of them died. Two surviving affected lambs and one lamb without clinical signs had increased serum values of gamma glutamyltransferase, bilirubin, and cholesterol. In two adult unaffected sheep those parameters were within normal values. An adult sheep submitted to necropsy presented moderate body condition, unilateral corneal opacity, drying of the muzzle, moderate jaundice, increased lobular pattern of the liver, and a distended gallbladder. Histological lesions were epithelial degeneration, necrosis, and hyperplasia of small bile ducts. Mild amounts of foamy macrophages were observed, mainly in the centroacinar zone. Diffuse swelling and vacuolation were observed in hepatocytes. Crystal negative images were found within bile ducts, foamy macrophages, and the lumen of some renal tubules. The heart showed multifocal areas of degeneration and necrosis of the muscle fibers. Pasture samples (Brachiaria decumbens contained 2.36% of protodioscin. No Pithomyces chartarum spores were found in the pasture. Samples from a similar neighboring B. decumbens pasture grazed by cattle without photosensitization contained 1.63% of protodioscin isomers. Outbreaks of photosensitization caused by Brachiaria spp. are common in cattle in the Brazilian Cerrado (savanna with about 51 million hectares of Brachiaria spp pastures. Sheep farming has been recently developed in this region, and the number of sheep is increasing significantly. Because sheep are more susceptible than cattle to lithogenic saponins, poisoning by Brachiaria should be an important limiting factor for the sheep industry.Um surto de fotossensibilização hepatógena é descrito em um rebanho de 28 ovinos mantidos em pastagem de Brachiaria decumbens no Estado de Mato Grosso do Sul, regi

  2. Alterações de cromatina em espermatozóides de ovinos e caprinos avaliadas por azul de toluidina e alaranjado de acridina Chromatin alterations in ram and goat spermatozoa evaluated by toluidine blue and acridine orange

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristina de Figueiredo Kamimura

    2010-02-01

    Full Text Available Reprodutores com espermograma normal podem se comportar como subférteis ou passarem por períodos de subfertilidade. As alterações na cromatina dos espermatozóides são possíveis explicações encontradas para tais comportamentos. Conduziu-se este trabalho, com o objetivo de testar a eficiência de azul de toluidina (AT e do alaranjado de acridina (AA na identificação de alterações na compactação de cromatina em espermatozóides de ovinos e caprinos, além de avaliar a correlação entre essas alterações e as de morfologia espermática. Para tal, foram avaliadas amostras de sêmen de 15 ovinos e de 15 caprinos, com dez repetições para cada método por animal. Calcularam-se a média, o desvio padrão (DP e o coeficiente de variação (CV para cada técnica e animal. Utilizou-se o teste t-Student para avaliar diferença entre as médias obtidas nos dois métodos. Também foram calculados a correlação de Pearson e os coeficientes kappa ponderado e não ponderado para avaliar a concordância entre os métodos com AT e AA. Foi verificado que nem sempre as anomalias morfológicas de cabeça são acompanhadas por alterações na cromatina identificáveis pelos métodos utilizados neste trabalho. O método AT é mais estável e possui maior sensibilidade do que AA para ambas as espécies, sendo o mais indicado para caprinos. Contudo, em razão de apresentar repetibilidade muito baixa, ambos os métodos não são indicados para avaliação espermática em ovinos.Males with normal spermogram can behave as subfertile or pass for periods of subfertility. Chromatin alterations of spermatozoa can account for such behavior. The objective of the present work was to test the efficacy of toluidine blue (TB and acridine orange (AO in the identification of alterations in chromatin compaction in spermatozoa from rams and goats, in addition to evaluate the correlation between those alterations and the ones of spermatic morphology. In order to do that

  3. Outbreaks of rhinofacial and rhinopharyngeal zygomycosis in sheep in Paraíba, northeastern Brazil Surtos de zigomicose rinofacial e rinofaríngea em ovinos na Paraíba

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Franklin Riet-Correa

    2008-01-01

    . Outbreaks of both forms of mycotic rhinitis are common in northeastern Brazil and in other regions of the country.Dois surtos de lesões rinofaciais e dois de lesões rinofaríngeas causadas por fungos com hifas filamentosas, raramente septadas, semelhantes às dos fungos entomophthorales, são descritos no Estado da Paraíba. Um surto da forma rinofacial afetou 5 ovinos durante a estação chuvosa. Outro surto desta forma clínica afetou um ovino de um grupo de 40, durante a época seca. Os sinais clínicos da forma rinofacial foram de corrimento serosanguinolento bilateral, com aumento de volume das narinas, lábio superior, e pele da face. Na necropsia, a mucosa nasal apresentava áreas ulceradas de cor marrom escuro, que se estendiam desde a região muco-cutánea até 10cm dentro do vestíbulo nasal. A mucosa do palato duro estava, também, ulcerada. A superfície de corte das narinas e palato apresentava-se marrom ou avermelhada de aspecto esponjoso e friável. Um surto de rinofaringite micótica ocorreu em uma plantação de coco irrigado, afetando 7 ovinos de um rebanho de 60 ovinos adultos. Outro surto desta forma da enfermidade afetou um único animal de um rebanho de 80, durante a época seca. Os animais apresentavam dispnéia, com respiração ruidosa devida ao bloqueio parcial das narinas, e corrimento nasal serosanguinolento. Seis dos oito animais afetados por esta forma da enfermidade apresentaram, em um olho, exoftalmia, ceratite e ulceração da córnea. Todos os ovinos morreram ou foram sacrificados após um curso clínico de 7-30 dias. Na necropsia exsudato amarelo consistente foi observado na região etmoidal, ossos turbinados, seios paranasais, palatos duro e mole, órbita, faringe, e músculos e linfonodos regionais. No estudo histológico, ambas as formas da doença mostraram granulomas multifocais com áreas necróticas eosinofílicas (material de Splendore-Hoeppli contendo hifas com 7-30mim de diâmetro, raramente septadas, semelhantes às dos fungos

  4. Intake and digestibility of diets containing castor bean meal detoxified to finish of sheep Consumo e digestibilidade de dietas contendo farelo de mamona destoxificado para ovinos em terminação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcônio Martins Rodrigues

    2011-03-01

    Full Text Available The effect of including detoxified castor bean meal to substitute soy bean meal was evaluated to sheep finishing diets on intake, digestibility and energy value of the diets. A positive linear effect was verified for ether extract intake and acid detergent fiber with an intake raise of 0.015 g/BW0.75 in ether extract and 0.090 g/BW0.75 in acid detergent fiber per each unit percentage of detoxified castor bean meal added to the diet. There was maximun value in hemicellulose intake when included 39.55% of detoxified castor bean meal to the diet. Negative linear effect was verified for dry matter, organic matter, crude protein, total carbohydrates digestibility, respectively, with 0.0536, 0.0507, 0.0705 and 0.0572% decreases per unit percentage of detoxified castor bean meal added. Positive quadratic effect was verified for neutral detergent fiber and hemicellulose digestibility with 54.93 and 64.53% maximum in levels of the 38.6 and 31.4, respectively. Detoxified castor bean meal inclusion does not influence dry matter and nutrients intake, attending these animal class nutritional requirements. Including detoxified castor bean meal decreases dry mater, organic matter, crude protein, total carbohydrates digestibility, being in this situation recommended the inclusion of to 33% in the diet by allowing high neutral detergent fiber and hemicellulose digestibility. Despite these effects, the energy value of the diets is not influenced by the inclusion of detoxified castor bean meal.Avaliou-se a substituição do farelo de soja pelo farelo de mamona destoxificado em dietas para ovinos em terminação. O consumo de extrato etéreo e fibra em detergente ácido foi linear positivo, com aumento de 0,015 e 0,090g/UTM por unidade percentual de inclusão de farelo de mamona destoxificado, respectivamente. O consumo máximo de hemicelulose ocorreu para dietas que continham 39,55% de farelo de mamona destoxificado. A digestibilidade da matéria seca, mat

  5. Etiologia e perfil de sensibilidade antimicrobiana dos isolados bacterianos da mastite em pequenos ruminantes e concordância de técnicas empregadas no diagnóstico Etiology and profile of antimicrobial sensitivity of bacteria from small ruminant mastitis and relationship of diagnostic techniques

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodolfo de M. Peixoto

    2010-09-01

    Full Text Available A mastite é a inflamação da glândula mamária que acomete raças de aptidão leiteira como também aquelas voltadas para produção de carne. Esta enfermidade ocasiona sérias alterações na produção de leite e na sua qualidade, redução no ganho de peso e mortalidade de cordeiros. O presente estudo teve por objetivo conhecer os principais agentes causadores de mastite em ovinos e caprinos, bem como a sua susceptibilidade aos agentes antimicrobianos, além de avaliar o grau de concordância entre testes diagnósticos. Foram visitadas 25 propriedades durante a realização do experimento, sendo criatórios de caprinos, ovinos e rebanhos mistos, nos estados de Pernambuco e Bahia. Coletou-se leite de 439 caprinos e 76 ovinos. Foi realizada lactocultura, o California Mastitis Test (CMT e o teste de sensibilidade aos antimicrobianos. Além disso, determinou-se o grau de concordância entre os testes diagnósticos empregados. Foi constatada uma maior freqüência de Staphylococcus spp. nos casos de mastite em caprinos e ovinos, sendo observado ainda, isolados de Streptococcus spp., Corynebacterium spp. e bacilos gram negativos (BGN. Os isolados apresentaram alta sensibilidade aos antimicrobianos testados, sendo o menor percentual de sensibilidade observado para o ácido nalidíxico. Em relação ao diagnóstico da mastite caprina, a análise comparativa entre o exame microbiológico e o CMT demonstrou um grau de concordância igual a K=0,17, enquanto que para a espécie ovina, este valor foi de K=0,22. A utilização do CMT para o diagnóstico da mastite subclínica em cabras e ovelhas deverá ser associado à técnica da lactocultura.Mastitis is an inflammation of mammary gland, that are important in milking breed as well in meat ones. It is associated with serious reduction in milk production and quality, lambs weight gain reduction and mortality The goal of this work was determine the major etiologic agents of goat and sheep mastitis, as

  6. CHARACTERIZATION OF RUMINAL AND METABOLIC PARAMETERS IN CAMBS RAISED IN NATIVE PASTURE CARACTERIZAÇÃO DOS PARÂMETROS RUMINAIS E METABÓLICOS DE CORDEIROS MANTIDOS EM PASTAGEM NATIVA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Felix Hilário Diaz González

    2007-12-01

    Full Text Available

    The objective was aimed at with this work to charac-terize the parameters in ruminal and metabolic parameters in weaned lambs kept in native pasture. Ten lambs were used – five males and five females – with average body weights medium of  26 kg and 22.5 kg, respectively, and ages between 75 and 95 days old. Lambs were weaned and permanently kept in native pasture. Samples of ruminal fluid were collected during eight weeks, and nine collects. Oxidation-reduction, time of sedimentation-flotation, pH, color, odor, viscosity and motility of protozoa were evaluated. Blood samples were also collected to determine metabolic profiles through concentrations of glucose, triacylglycerids, cholesterol, urea, albumin, aspartate amino transferase and γ-glutamil transferase. Ruminal parameters did not differ between gender at α = .05 except for pH which was higher (P < .05 in females (6.90 than in males (6.80. A similar result was observed in the metabolic parameters, with no statistically significant difference between genders at α = .05. However, albumin concentration was higher on males (2.10mg/dL than in females (2.02mg/dL. The results suggest that males and females have similar ruminal and metabolic profiles except for a higher pH in females and a higher albumin concentration in males.

    Key-words: Metabolism, sheep, native pastura, rumen.

    Objetivou-se com este trabalho caracterizar os parâmetros ruminais e metabólicos de cordeiros machos e fêmeas, os quais foram mantidos em pastagem nativa. Utilizaram-se dez cordeiros, sendo cinco machos e cinco fêmeas, com peso médio ao desmame de 26 ±5,43 e 22,5 ± 4,06 kg, respectivamente, com idades entre 75 e 95 dias. Após o desmame, os animais foram mantidos permanentemente em pastagem nativa, por um período de oito semanas. Efetuaram-se nove coletas de amostras de fluido rumina, para determina

  7. Research of antibodies anti-brucella ovis in ovine the eight city of recôncavo baiano Detecção de anticorpos anti-"Brucella ovis" em ovinos do Estado da Bahia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alessandra Estrela Silva Lima

    2009-12-01

    Full Text Available Ovine brucellosis is a contagious disease caused by Brucella ovis, characterized by clinical marked as epididymitis, abortion and lambs neonatal mortality, leading to reduction in reproductive efficiency of livestock and causing great economic damage. Considering the lack of seroepidemiologic data about B. Ovis in the State of Bahia and the importance of this disease in the economic sphere of sheep rearing, the design of this study aimed to achieve serum inquiry to investigate toe occurrence of anti-Brucella ovis in sheep in the Recôncavo Baiano. 183 serum samples were submited to the test of agar gel immunodiffusion (AGIO using soluble antigens produced by the Veterinary Research Center Oesidério Finamor (CPVOF in Rio Grande do Sul. Six (3.27% showed serological evidence of infection by B. Ovis Of 183 sera from sheep investigated by the AGIO to search for evidence of anti-Brucella ovis, with no significant difference between age and sex (p = 2.0 and p = 0.60, respectively of animais with the proportion of sheep seropositives. The results obtained by serological survey have been lead to accept that the infection by B. Ovis it is present in commercial herds of sheep in the state of Bahia, and requiring more extensive studies in sheep population, adoption of sanitary measures of prevention and control to prevent the spread of the disease.A brucelose ovina é uma doença de caráter contagioso, causada por Brucella ovis, caracterizada por um quadro clínico de epididimite, abortamento e mortalidade neonatal de cordeiros, levando a redução da eficiência reprodutiva dos rebanhos e provocando grandes perdas econômicas. Considerando a ausência de dados epidemiológicos, sobre a B. ovis no estado da Bahia e sua importância econômica para ovinocultura, o presente trabalho teve por objetivo realizar inquérito sorológico para investigar a ocorrência de anticorpos anti-Brucella ovis em ovinos no recôncavo baiano. Foram submetidas 183 amostras

  8. Níveis de grão de capim-pé-de-galinha (Eleusine coracana em dietas para ovinos: consumo e digestibilidade Finger millet grain levels in sheep diets: intake and digestibility

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Walter dos Santos

    2008-10-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar em ovinos o consumo e a digestibilidade de nutrientes de dietas contendo grão de capim-pé-de-galinha (Eleusine coracana. Foram utilizados 20 ovinos com peso vivo inicial de 18,90 kg, em delineamento inteiramente casualizado, com cinco tratamentos e quatro repetições. Os animais foram alimentados com dietas isoprotéicas formuladas com 50% de volumoso e 50% de concentrado contendo 0; 16,0; 32,5; 48,0 ou 67,0% de grão de capim-pé-de-galinha em substituição ao fubá de milho. Utilizou-se a fibra indigestível em detergente neutro (FDNi como indicador para estimativa da excreção fecal. Os níveis de grão de pé-de-galinha não influenciaram os consumos de MS, NDT e FDN. Os valores médios de consumo de matéria seca foram de 1,2 kg/animal/dia e 3,2% do peso vivo. O coeficiente de digestibilidade da matéria seca (CDMS e o NDT reduziram linearmente em 0,1425 e 0,1612%, respectivamente, a cada 1% de grão de capim-pé-de-galinha no concentrado, o que está relacionado aos maiores teores de FDN e FDNi desse alimento. Os coeficientes de digestibilidade de MO e FDN apresentaram valores máximos de 57,64 e 53,60% nos níveis de 42,36 e 39,56% de grão de capim-pé-de-galinha no concentrado. Os valores médios de digestibilidade aparente de PB e EE foram 56,90 e 66,86%, respectivamente. A substituição do fubá de milho por grão do capim pé-de-galinha na dieta de ovinos não influenciou o consumo de matéria seca dos nutrientes, mas reduziu o coeficiente de digestibilidade da matéria seca, da matéria orgânica, dos carboidratos totais e os nutrientes digestíveis totais, logo, esse ingrediente pode substituir até 50% do fubá de milho no concentrado para ovinos.The objective was to evaluate in sheep the intake and apparent digestibility of nutrients diets containing finger millet grain (Eleusine coracana. Twenty lambs were used with average initial 18.90 kg BW, in a completely randomized design, with five diets and

  9. Comportamento ingestivo de ovinos Santa Inês alimentados com dietas contendo farelo de cacau Ingestive behavior of Santa Inês sheep fed diets with cocoa meal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gleidson Giordano Pinto de Carvalho

    2008-04-01

    Full Text Available O experimento foi conduzido para avaliar o comportamento ingestivo de ovinos alimentados com dietas contendo farelo de cacau. Foram utilizados 16 ovinos Santa Inês fêmeas, não-gestantes e não-lactantes, com peso corporal médio de 25 kg e aproximadamente 12 meses de idade, mantidos em baias individuais. O farelo de cacau foi fornecido no concentrado nos níveis de 0, 10, 20 e 30% e, como volumoso, utilizou-se feno de mandioca. As dietas foram fornecidas em mistura completa, na proporção 50:50 volumoso:concentrado. Os tempos de alimentação, ruminação e ócio obtidos em 24 horas de observação foram semelhantes. Contudo, os animais que consumiram dietas com maiores níveis de farelo de cacau, acima de 14,8% de substituição no concentrado, reduziram o número de bolos ruminados por dia, que foi compensado pelo aumento do tempo de mastigações por bolo. Os consumos de matéria seca (MS e fibra em detergente neutro (FDN e a eficiência de alimentação (g MS e FDN/hora não foram influenciados pelos níveis de farelo de cacau na dieta, entretanto, esse alimento provocou alterações na eficiência de ruminação (g MS e FDN/bolo. O número de mastigações merícicas por bolo ruminado aumentou linearmente, enquanto o número de mastigações por dia apresentou comportamento quadrático, com valor máximo de 42.818,4 mastigações diárias para o nível de 16,9% de farelo de cacau. Embora não se tenha verificado diferença nos consumos de MS e FDN (kg/dia, a inclusão de farelo de cacau em dietas para ovinos Santa Inês afetou alguns parâmetros do comportamento ingestivo.The experiment was carried out to evaluate the ingestive behavior of sheep fed diets containing cocoa meal. Sixteen Santa Inês female sheep, no-pregnant, no-lactating, averaging 25 kg of body weight and 12 months of age, maintained in individual barns were used. The cocoa meal was fed in the concentrate at the levels of 0, 10, 20 and 30%, and as forage was cassava

  10. Envenenamento experimental por Bothropoides jararaca e Bothrops jararacussu em ovinos: aspectos clínico-patológicos e laboratoriais Experimental poisoning by Bothropoides jararaca and Bothrops jararacussu in sheep: clinic-pathological and laboratory aspects

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Aragão

    2010-09-01

    Full Text Available Esse estudo teve como objetivo determinar as alterações clínico-patológicas e laboratoriais em ovinos inoculados com a peçonha de Bothropoides jararaca e Bothrops jararacussu, no intuito de fornecer subsídios que possam facilitar o estabelecimento do diagnóstico e do diagnóstico diferencial dessa condição. Os venenos liofilizados foram diluídos em 1 ml de solução fisiológica e administrados a quatro ovinos por via subcutânea. Três ovinos foram a óbito e um que recebeu a dose de 0,5mg/kg (B. jararaca, recuperou-se. Os sinais clínicos tiveram início entre 7 minutos e 1 hora. O período de evolução variou de 7 horas 9 minutos a 21 horas 59 minutos. O quadro clínico, independentemente das doses, caracterizou-se por aumento de volume no local da inoculação, tempo de sangramento e de preenchimento capilar aumentados, taquicardia, dispnéia, mucosas hipocoradas e apatia. Os exames laboratoriais revelaram acentuada anemia normocítica normocrômica, trombocitopenia, acentuada redução de fibrinogênio e proteínas plasmáticas totais, hematócrito diminuído em dois animais, além de acentuado aumento de creatinaquinase e desidrogenase lática em todos os animais. À necropsia, os principais achados no local da inoculação e tecidos adjacentes eram extensas hemorragias no animal que recebeu o veneno de B. jararaca e edema e acentuado edema pulmonar agudo para os dois animais envenenados por B. jararacussu. Além de hemorragia e edema a principal alteração histopatológica verificada foi necrose das fibras musculares e de vasos, no local de inoculação e adjacências. A necrose tubular renal foi atribuída ao quadro de choque. Nos ovinos deste estudo, o aumento de volume observado no local de inoculação e adjacências era constituído predominantemente por sangue (B. jararaca e por edema (B. jararacussu.The purpose of this study was to establish the clinic-pathological and laboratory changes in sheep inoculated with

  11. Progresso científico em pequenos ruminantes na primeira década do século XXI Scientific progress in small ruminants in the first decade of 21st century

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kléber Tomás de Resende

    2010-07-01

    Full Text Available O interesse pelos pequenos ruminantes aumentou nos últimos anos sob os aspectos produtivo e científico. No Brasil, caprinos e ovinos são os que despertam maior interesse econômico. Assim, este trabalho foi conduzido com o objetivo de discutir o progresso científico com caprinos e ovinos nos últimos dez anos. Foram pesquisadas várias bases de dados, entre elas as do Institute for Scientific Information (ISI, da Scientific Electronic Library Online - SciELO, da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE e da Food and Agriculture Organization of the United Nations - FAO. Na última década, os pequenos ruminantes têm merecido especial atenção dos pesquisadores, o que pode ser comprovado pelo aumento de 41% nas publicações mundiais envolvendo estas espécies, o que foi acompanhado por aumento ainda mais expressivo, 219%, em âmbito nacional. A evolução também foi observada sob os aspectos metodológicos dos projetos, ressaltando a abordagem multidisciplinar nas pesquisas mais atuais. Nos últimos dez anos, houve crescimento do aporte de recursos para editais temáticos demandados pela sociedade e pela cadeia da carne e do leite, além da preocupação com qualidade, competitividade e sustentabilidade.Worldwide interest in small ruminants has increased in recent years in both, the productive and scientific aspects. In Brazil, the same trend has been observed, however, among all small ruminants, goats and sheep can be highlighted. Thus, this review aimed to discuss scientific progress in goat and sheep in the last decade. Data were collected in different databases, such as Institute for Scientific Information (ISI, Scientific Electronic Library Online - SciELO, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE and Food and Agriculture Organization of the United Nations

  12. Intoxicação espontânea por Senecio brasiliensis (Asteraceae em ovinos no Rio Grande do Sul Spontaneous poisoning in sheep by Senecio brasiliensis (Asteraceae in southern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcia R. S. Ilha

    2001-09-01

    Full Text Available Descreve-se a ocorrência de um surto de intoxicação espontânea por Senecio brasiliensis em ovinos em um estabelecimento do município de Mata, Estado do Rio Grande do Sul, em meados de janeiro de 1997. De um total de 94 ovinos, 51 (54,25% animais adoeceram e 50 (53,2% morreram. Esse rebanho permaneceu durante aproximadamente 7 meses (de junho de 1996 a janeiro de 1997 em piquetes de pastagem nativa onde havia grande quantidade de S. brasiliensis. O quadro clínico manifestado pelos animais afetados consistia em fotossensibilização, emagrecimento progressivo, apatia, fraqueza, perturbações neurológicas como depressão, andar a esmo e desequilibrado, icterícia e hemoglobinúria. Houve melhora das lesões de pele naqueles ovinos que desenvolveram fotossensibilização hepatógena depois que foram retirados do sol. As principais lesões macroscópicas observadas em 9 dos 10 ovinos necropsiados incluíam fígado diminuído de tamanho, firme, difusamente marrom amarelado ou esverdeado, com quantidades variáveis de nódulos de 1-3 mm de diâmetro, bem circunscritos, salientes na cápsula, amarelados, distribuídos aleatoriamente por todo o parênquima. A vesícula biliar estava repleta e preenchida por bile verde escura e espessa. Havia também derrames cavitários (hidropericárdio e ascite. Crise hemolítica aguda fatal associada à intoxicação crônica hepatógena por cobre foi observada em cinco ovinos. Além das lesões hepáticas macroscópicas já mencionadas, foi observada icterícia generalizada da carcaça, rins tumefeitos, friáveis, difusamente escurecidos ou com fino pontilhado enegrecido; a urina era marrom escura (hemoglobinúria. As principais lesões microscópicas foram observadas no fígado e consistiam em hepatomegalocitose, proliferação de ductos biliares (hiperplasia ductal e fibrose periportal moderada acompanhada de infiltrado inflamatório mononuclear. Macrófagos carregados de pigmento acastanhado formavam

  13. Toxoplasma gondii antibodies sheep in Lages, Santa Catarina, Brazil, and comparison using IFA and ELISA Anticorpos toxoplásmicos em ovinos de Lages, Santa Catarina, Brasil, e comparação utilizando RIFI e ELISA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francine Bragagnolo Liz Stefen Sakata

    2012-09-01

    Full Text Available Toxoplasmosis in sheep is a disease of great importance in veterinary medicine, which causes economic losses in livestock and has a great impact on human health, since consumption of infected meat facilitates transmission of zoonotic infections. Blood samples from sheep (n = 360 were collected from 13 farm properties in the municipality of Lages, Santa Catarina, to estimate the prevalence of toxoplasmosis and identify risk factors associated with Toxoplasma gondii infection. T. gondii, antibodies were investigated by means of the indirect immunofluorescence assay (IFA and enzyme-linked immunosorbent assay (ELISA. Animals infected with T. gondii were found on 100% of the farms. IFA detected 56.9% (205/360 and ELISA 42.5% of the infected sheep. Breed was the only risk factor associated with the presence of T. gondii antibodies. ELISA showed sensitivity of 61%, specificity of 82% and kappa of 0.41, which was considered moderate. This allows use of ELISA as an alternative technique for diagnosing T. gondii in sheep.A toxoplasmose ovina é uma doença parasitária de elevada importância em medicina veterinária e em saúde pública, acarretando prejuízos na produção animal, gerados pelas perdas reprodutivas e econômicas, além de sua implicação na saúde humana, já que o consumo de carne infectada facilita a transmissão zoonótica. Para determinar a prevalência e identificar fatores de risco para a infecção por T. gondii em ovinos de Lages, Santa Catarina, amostras de sangue (n = 360 foram coletadas em 13 propriedades. Cada criador respondeu a um questionário para permitir a identificação dos fatores de risco da infecção. A pesquisa de anticorpos foi realizada por meio da Reação de Imunofluorescência Indireta (RIFI > 64 e do Ensaio Imunoenzimático Indireto (ELISA. Em 100% das propriedades foram encontrados animais positivos. Pela RIFI, 205 (56,94% ovinos apresentaram anticorpos contra T. gondii e pelo ELISA, 153 (42

  14. Farelo da vagem de algaroba associado a níveis de ureia na alimentação de ovinos: balanço de nitrogênio, N-ureico no plasma e parâmetros ruminais - doi: 10.4025/actascianimsci.v34i3.12759 Mesquite pod meal associated with levels of urea on feeding sheep: nitrogen balance, plasma urea-N and ruminal parameters - doi: 10.4025/actascianimsci.v34i3.12759

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Gonsalves Neto

    2012-05-01

    Full Text Available Objetivou-se neste trabalho avaliar os efeitos da inclusão de ureia em dietas contendo farelo da vagem de algaroba sobre o balanço de nitrogênio, N-uréico no plasma e parâmetros ruminais em ovinos. Foram utilizados oito animais, machos castrados, com peso médio de 33,5 kg, distribuídos em dois quadrados latinos 4 x 4. Os tratamentos constituíram da inclusão de níveis de ureia na dieta, sendo: 0; 0,5; 1,0 e 1,5% da MS total. A dieta foi fornecida como dieta total na relação volumoso:concentrado de 40:60 com base na MS total da dieta. Foi realizada a coleta total de urina e fezes e determinada a excreção de nitrogênio. Foi coletado sangue, seguido com a extração do plasma e determinação do N-uréico. Para avaliação do pH e N-amoniacal no líquido ruminal foram utilizados quatro animais fistulados no rúmen. A ingestão de N (31,68 g/dia e perdas vias fecal (7,94 g/dia e urinária (9,95 g/dia não sofreram alteração. As concentrações de N-amoniacal e N-uréico no plasma aumentaram de forma linear. O pH ruminal foi semelhante entre os tratamentos. A inclusão de uréia não influencia o balanço de nitrogênio, porém eleva as concentrações de N-amoniacal no rúmen e N-uréico no plasma podendo influenciar o gasto de energia no organismo.The goal of this study was to evaluate the effects of including urea in diets containing mesquite pod meal on nitrogen balance, plasma urea-N and ruminal parameters. Eight gelded males, with mean weight of 33.5 kg, were divided into two 4 x 4 Latin squares. Treatments consisted of following urea levels in diet: 0, 0.5, 1.0 and 1.5% of total dry matter. The diet was provided as total diet a 40:60 forage: concentrate ratio based on total diet DM. Total urine and feces were collected and nitrogen excretion was determined. Blood was collected, followed by plasma extraction and quantification of urea nitrogen. To evaluate pH and ammonia-N in rumen fluid, four rumen fistulated animals were used

  15. Degradabilidade ruminal in situ do sorgo grão em diferentes formas de reconstituição

    OpenAIRE

    Silva, J.S.; Borges, A.L.C.C.; Lopes, F.C.F.; Silva, R.R.; Vieira, A.R.; Duque, A.C.A.; Borges, I.; Rodrigues, J.A.S.; Gonçalves, L.C.

    2014-01-01

    Foram utilizadas três vacas não lactantes fistuladas no rúmen com o objetivo de determinar os parâmetros de degradação ruminal in situ da matéria seca (MS) e do amido de grãos de sorgo sob diferentes formas de processamento: 1) Seco e moído (2mm); 2) Seco, moído (3mm), reidratado com aspersão de água sobre o material, e imediatamente ensilado por 30 dias; 3) Seco, inteiro, reidratado por três dias em tubo PVC e, em seguida, moído a 5mm; 4) Seco, inteiro, reidratado por três dias em tubo PVC c...

  16. Resistência anti-helmíntica de nematóides gastrintestinais em ovinos, Mato Grosso do Sul Anthelmintic resistance of gastrointestinal nematodes in sheep, Mato Grosso do Sul, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eurico A. Sczesny-Moraes

    2010-03-01

    Full Text Available Entre os métodos de controle da verminose gastrintestinal em ovinos, a utilização de produtos químicos é o mais empregado. Porém, o uso indiscriminado e continuado desses produtos tem selecionado populações de helmintos resistentes aos anti-helmínticos, fenômeno relatado no mundo todo. Este trabalho teve como objetivo identificar as espécies de parasitos gastrintestinais e diagnosticar a situação da resistência anti-helmíntica em ovinos no Estado de Mato Grosso do Sul. Foram realizados testes de redução na contagem de ovos por grama de fezes (OPG em rebanhos de dezesseis propriedades rurais; as sete formulações utilizadas continham as seguintes bases farmacológicas: Albendazol, Ivermectina, Levamisole, Triclorfon, Moxidectina, Closantel e uma contendo as três primeiras associadas. As espécies identificadas nas necropsias, em ovinos adultos, foram: Haemonchus contortus, Trichostrongylus colubriformis, Cooperia curticei, C. punctata, C. pectinata e Oesophagostomum columbianum; em ordem de prevalência. As formulações contendo Albendazol e Ivermectina não apresentaram eficácia na redução de OPG nos rebanhos testados, com médias de redução de 0,7 e -19,6%, respectivamente. Closantel apresentou eficácia média de 6,7%; Levamisole, Moxidectina e Triclorfon de 28,7, 26,8 e 65%, respectivamente; a associação das três bases (Albendazol, Ivermectina e Levamisole, uma média de eficácia de 55,8%. As percentagens médias de larvas infectantes recuperadas nas coproculturas, tanto no pré como no pós-tratamento, foram semelhantes; indicando que a resistência às bases testadas está presente em todas as espécies citadas, em maior ou menor intensidade. Os dois gêneros predominantemente resistentes são Haemonchus sp., com 86,9%; seguido por Trichostrongylus sp., com média de 47,5%; Strongyloides sp. 33,6%; Oesophagostomum, sp. 21,4% e Cooperia sp. 19,7%.Among the methods of control of gastrointestinal worms in sheep

  17. Caracterização epidemiológica e fatores de risco associados à infecção por Brucella ovis em ovinos deslanados do semiárido paraibano

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabrine A. Santos

    2013-04-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo determinar a prevalência de rebanhos ovinos positivos (focos e de animais soropositivos para Brucella ovis na mesorregião do Sertão, Estado da Paraíba, Nordeste do Brasil, bem como identificar fatores de risco. Foram colhidas amostras de sangue de 1.134 animais procedentes de 103 rebanhos em 17 municípios. Para o diagnóstico sorológico da infecção por B. ovis foi utilizado o teste de imunodifusão em gel de ágar (IDGA. Um rebanho foi considerado positivo quando apresentou pelo menos um animal soropositivo. Das 103 propriedades utilizadas 21 (20,39% apresentaram pelo menos um animal soropositivo e dos 1.134 animais, 59 (5,20% foram soropositivos. Realizar higiene nas instalações com periodicidade anual (odds ratio = 7,13; IC 95% = 1,56-32,47; p=0,011 e aquisição de animais (odds ratio = 6,06; IC 95% = 1,39-26,48; p=0,017 foram identificados como fatores de risco. Com base na análise de fatores de risco, recomenda-se a realização de diagnóstico da infecção por B. ovis previamente à aquisição de animais e realização periódica de higienização das instalações.

  18. Suplementação nitrogenada ruminal e/ou abomasal em bovinos alimentados com forragem tropical

    OpenAIRE

    Rufino, Luana Marta de Almeida

    2011-01-01

    Objetivou-se com este trabalho avaliar os efeitos da suplementação com compostos nitrogenados no rúmen e/ou no abomaso sobre o consumo, a digestiblidade, a dinâmica ruminal dos compostos fibrosos e os parâmetros do metabolismo dos compostos nitrogenados em bovinos alimentados com forragem tropical. O experimento foi conduzido entre os meses de junho de 2010 e fevereiro de 2011, sendo utilizados 4 novilhos Nelore, não castrados, com peso corporal médio (PC) de 227±11 kg, fistulados no rúmen e ...

  19. Técnica de fistulação e canulação do rúmen em bovinos e ovinos Rumen fistulation and cannulation technique in cattle and sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo Augusto Lopes Muzzi

    2009-01-01

    Full Text Available Foi desenvolvida e descrita uma técnica cirúrgica para fistulação e canulação do rúmen em animais utilizados nos estudos de nutrição animal. O método cirúrgico foi empregado para canulação de 25 vacas e oito cordeiros. A fistulação permanente foi realizada no centro da fossa paralombar esquerda em estágio operatório único. Uma cânula de borracha foi implantada na parede ruminal após o afastamento da musculatura da parede abdominal e a sutura do rúmen ao peritôneo e à pele. Não foram observadas complicações graves advindas da canulação ruminal, mas houve a ocorrência de discreto vazamento de conteúdo em alguns animais. As cânulas permaneceram funcionais por longo período e permitiram a obtenção de quantidades suficientes de amostra.A surgical technique for rumen fistulation and cannulation was developed for animal nutritional studies. The surgical method was used to cannulated 25 adult cows and eight lambs. The permanent fistula was made in the middle of the left paralumbar fossa in a one-stage operation. It was performed the spreading of the abdominal muscle layers and the sutures from the rumen to the peritoneum and to the skin, and the rubber cannula was inserted into the rumen wall. No severe complication was observed in ruminal cannulation, but minor leakages were observed in some animals. The cannulas had a long functional life and permited convenient sampling of digesta.

  20. Metabolismo e distribuição do flúor em ovinos jovens tratados cronicamente com fluoreto de sódio Metabolism and distribution of fluor in lambs chronically treated with sodium fluoride

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andreane R. Filappi

    2008-02-01

    Full Text Available Este estudo teve por objetivo avaliar o metabolismo do flúor (F em ovinos. Para tanto, utilizaram-se 12 animais, com cinco meses de idade, os quais receberam como dieta base 3% do peso vivo de feno de alfafa e água ad libitum. Os animais foram divididos e constituíram um grupo Controle, que recebeu apenas sal iodado (5g de NaCl/animal + 0,2mg I/kg matéria seca e, um grupo Tratado, que recebeu sal iodado adicionado de fluoreto de sódio (4,7mg F/kg de peso corporal. Esses sais foram administrados via sonda oro-esofágica, diariamente por um período de 150 dias. Para análise de F, coletaram-se amostras de sangue, urina e fezes e, ao fim do período experimental, após a eutanásia dos animais, coletou-se a glândula pineal e amostras de osso. Também nesta ocasião, coletou-se uma amostra de rim para exame histopatológico. Analisando-se os teores séricos, urinários e ósseos de F, verificou-se que foram significativamente superiores nos animais Tratados em relação aos Controles. Quanto ao F contido na glândula pineal, não houve diferença significativa entre os grupos. Na análise histológica do rim, não foram observadas alterações. Conclui-se que a administração crônica de flúor induz ao acúmulo desse elemento nos ossos, mesmo havendo um alto teor de cálcio na alimentação e esse acúmulo parece não ser nocivo aos animais. Em ovinos, a capacidade orgânica de acúmulo ósseo e excreção urinária do flúor é diferente de outras espécies animais.The objective of the present study was to evaluate fluorine metabolism in growing lambs. Twelve 5-month-old male lambs maintained on alfalfa hay (3% BW and non-fluorinated water ad libitum were used. Animals were allocated into Control, receiving 5g NaCl/animal/day + 0.2mg I/kg dry matter and Treated group, receiving the same treatment plus sodium fluoride (4.7mg F/kg body weight. Mineral treatment was given by gavage, daily for 150 days. Blood, urine and fecal samples were

  1. Alkanes as markers in nutritional studies with wild ruminant and non-ruminant animals Alcanos como indicadores em estudos nutricionais com ruminantes selvagens e animais não-ruminantes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dimas Estrasulas de Oliveira

    2007-12-01

    Full Text Available Knowledge of information relative to the digestibility, intake and botanical and morphological composition of the diet is important in nutritional studies, since it provides the basis for understanding aspects related to the ingestive behavior and selectivity of animals. N-alkanes have been used successfully as markers in studies with many species of animals, particularly domesticated ruminants, most of the times as replacements for conventional markers as chromium oxide for example. However, for wild ruminants and non-ruminant animals information on this technique is still scarce and, as a consequence, its potential for use unknown. This review reports the use of this technique in studies of feed digestibility, intake and diet composition with wild ruminants and non-ruminant animals, summarizing results and inferring on the feasibility and applicability of the technique.O conhecimento de informações relativas à digestibilidade, consumo, composição botânica e morfológica da dieta é importante em estudos de nutrição, pois fornece a base para a compreensão de aspectos relativos ao comportamento ingestivo e a seletividade dos animais. N-alcanos têm sido usados com sucesso como indicadores em estudos com várias espécies de animais, particularmente ruminantes domésticos, muitas vezes como substitutos a marcadores convencionais como o cromo por exemplo. No entanto, no caso de ruminantes selvagens e animais não-ruminantes as informações sobre essa técnica são ainda escassas e, consequentemente, seu potencial de uso desconhecido. Esta revisão borda o uso dessa metodologia em estudos de digestibilidade, consumo e estimativa da composição da dieta em ruminantes selvagens e animais não-ruminantes, sumarizando resultados e inferindo sobre a viabilidade e aplicabilidade da técnica.

  2. Occurrence of anti-Neospora caninum and anti-Toxoplasma gondii IgG antibodies in goats and sheep in western Maranhão, Brazil Ocorrência de anticorpos IgG anti-Neospora caninum e anti-Toxoplasma gondii em caprinos e ovinos do oeste do Maranhão, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Larissa Martins de Brito Moraes

    2011-12-01

    Full Text Available Neosporosis and toxoplasmosis are parasitic diseases which can cause reproductive problems in goats and sheep. The current study aimed to determine the occurrence of anti-Neospora caninum and anti-Toxoplasma gondii IgG antibodies in goats and sheep from the districts of Amarante do Maranhão and Buritirana, Imperatriz microregion, western area of Maranhão State, northeastern Brazil, and to assess factors associated to infection by these etiologic agents. Blood samples from 110 animals (46 goats and 64 sheep from five herds were collected, and indirect immunofluorescence assay was used for serological testing. Of 46 goat samples, 17.39% (n = 8 showed anti-N. caninum antibodies and 4.35% (n = 2 anti-T. gondii, while of 64 sheep samples 4.69% (n = 3 and 18.75% (n = 12 showed anti-N. caninum and anti-T. gondii antibodies, respectively. No significant difference regarding the presence of domestic cats and/or dogs on the property and veterinary care was seen for both etiologic agents studied. However, food supplementation and animal reproductive failure were significantly (p A neosporose e a toxoplasmose são doenças parasitárias que podem causar problemas reprodutivos em caprinos e ovinos. O objetivo deste estudo foi determinar a ocorrência de anticorpos IgG anti-Neospora caninum e anti-Toxoplasma gondii em caprinos e ovinos dos municípios de Amarante do Maranhão e Buritirana, microrregião de Imperatriz, Oeste maranhense, Nordeste do Brasil, bem como avaliar fatores associados à infecção por esses agentes etiológicos. Amostras de sangue de 110 animais (46 caprinos e 64 ovinos, provenientes de cinco propriedades, foram coletadas, e a reação de imunofluorescência indireta utilizada para o diagnóstico sorológico. Das 46 amostras de caprinos, 17,39% (n = 8 apresentaram anticorpos anti-N. caninum e 4,35% (n = 2 anti-T. gondii, enquanto das 64 amostras de ovinos, 4,69% (n = 3 e 18,75% (n = 12 apresentaram anticorpos anti-N. caninum e anti

  3. ANTHELMINTIC RESISTANCE TO BENZIMIDAZOLE IN GASTROINTESTINAL NEMATODES FROM SMALL RUMINANTS OF SEMI-ARID BRAZILIAN NORTHEAST RESISTÊNCIA AOS ANTI-HELMÍNTICOS BENZIMIDAZÓIS EM NEMATÓIDES GASTRINTESTINAIS DE PEQUENOS RUMINANTES DO SEMIÁRIDO NORDESTINO BRASILEIRO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Carolina Fonseca Lindoso Melo

    2009-04-01

    Full Text Available Resistance to benzimidazole anthelmintics is reported as an old and persistent problem in many parts of the world. Resistance development depends on the presence of resistance promoters and there are operational, genetic and bioecological factors. The objective of this work was to determine the prevalence of benzimidazole resistance and to study some variables associated with resistance development in small ruminant farms in the Brazilian northeastern semi-arid area. The work was accomplished in 25 sheep and goat farms in Limoeiro do Norte, Palhano, Jaguaruana, Itaiçaba, Aracati, Alto Santo, Morada Nova and Jaguaribe municipalities, in the state of Ceará, Brazil. The procedure used to detect anthelmintic resistant nematodes was the fecal egg count reduction test. In addition, a questionnaire about management practices, infrastructure, anthelmintic usage, flocks sanitary state and veterinary assistance was applied. Data were analyzed using RESO statistical program. The questionnaires were analyzed using Spearman correlation and the simple GLM. In sheep farms, the prevalence of benzimidazole resistance was 88% and in goat farms, it was 87.5%. In sheep and goats farms, Haemonchus spp was the most prevalent genus, followed by Trichostrongylus spp and Oesophagostomum spp. Among variables studied, treatment in the dry season was statistically significant (P = 0.03, pasture rotation was not significant (P = 0.17 but has a predictable value in resistance development.

    KEY WORDS: Associated factors, benzimidazole, Ceará, resistance development.
    A resistência a anti-helmínticos benzimidazóis é relatada como um antigo e persistente problema em diversas partes do mundo. O desenvolvimento da resistência depende da presença de promotores, os quais podem ser fatores operacionais, genéticos e bioecológicos. O objetivo do presente estudo foi determinar a prevalência da resistência a anti-helmínticos benzimidazóis e estudar algumas

  4. Desempenho de ovinos em terminação alimentados com dietas contendo diferentes níveis de dejetos de suínos Productive performance of confined finishing sheep supplemented with different levels of swine waste

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cleber Medeiros Barreto

    2004-12-01

    Full Text Available Objetivou-se, com esta pesquisa, avaliar o efeito de rações totais com diferentes níveis de dejetos de suínos no desempenho de ovinos confinados por 56 dias, com sete dias para adaptação e 49 para coleta de dados. Foram utilizados 32 ovinos machos não-castrados, Santa Inês, com média de sete meses de idade e peso vivo inicial de 25,2±3,9 kg, distribuídos em quatro grupos segundo o peso, seguindo-se o delineamento de blocos ao acaso, com quatro tratamentos (níveis de dejetos de suínos: T1=0%, T2=4,2%, T3=8,4% e T4=12,6%. Não houve efeito dos tratamentos para consumo de MS (89,44±1,01 gMS/UTM e 3,83±0,06% do PV, ganho de peso (200,36±0,03 gPV/animal/dia e conversão alimentar (5,73±0,50 kgMS/kgPV ganho. Os resultados para consumo de PB foram de 0,71; 0,72; 0,80 e 0,78% do PV e 16,81; 16,68; 18,53 e 18,03 gPB/UTM, e para FDN, de 1,61; 1,72; 1,91 e 1,70% PV e 35,82; 40,27 e 44,25, 38,81 gFDN/UTM, para as rações com 0; 4,2; 8,4 e 12,6% de dejetos de suínos, respectivamente. A inclusão de dejetos de suínos em até 12,6% das rações para ovinos terminados em confinamento resultou em desempenho satisfatório para ganho de peso diário e conversão alimentar. A a decisão pela utilização deste subproduto depende, portanto, do custo relativo dos demais ingredientes para formulação de rações a custo mínimo.The objective of this research was to evaluate total rations with differents levels of swine waste on the productive performance of sheep, in a feedlot system during 56 days, where seven days of adaptation and 49 days for data collect. Were utilized 32 Santa Inês hair sheep, aged seven months aproximately and with average body weight of 25.2±3.9 kg, distributed in four blocks as for body weight. A randomized complete block design, with four treatments (Swine waste levels: T1=0%, T2=4.2%, T3=8.4% and T4=12.6% was followed. No effect of treatments to dry matter intake (89.44±1.01 gDM/kgW0.75 and 3.83±0.06% of the BW

  5. Aspectos metodológicos do comportamento ingestivo de ovinos alimentados com capim-elefante amonizado e subprodutos agroindustriais Methodological aspects of feeding behaviour of sheep fed ammoniated elephantgrass and agro-industrial by-products

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gleidson Giordano Pinto de Carvalho

    2007-08-01

    Full Text Available Um experimento foi realizado com o objetivo de definir o intervalo de tempo de registro do comportamento de ovinos Santa Inês. Utilizaram-se 18 ovinos machos, não-castrados, com peso corporal médio inicial de 22,62 kg. Os animais foram alojados em baias individuais e distribuídos ao acaso em seis tratamentos, constituídos de dois volumosos (capim-elefante amonizado ou não com 5% de uréia e três concentrados (com 0% de farelo de cacau ou torta de dendê; com 40% de farelo de cacau; ou com 40% de torta de dendê em substituição ao milho e ao farelo de soja, fornecidos na proporção de 60:40 (volumoso:concentrado. O registro das atividades foi realizado durante dois períodos de 24 horas, no final do período experimental, registrando-se o tempo despendido em alimentação, ruminação, ócio e efetuando-se a discretização dessas séries. Foram testados os intervalos de observações de 5, 10, 15, 20, 25 e 30 minutos. Os tempos despendidos em alimentação, ruminação e ócio não diferiram em nenhum dos intervalos estudados, entretanto, na discretização das séries temporais, ou seja, no número de períodos e no tempo médio gasto por período, apresentaram diferenças significativas. Os tempos de alimentação, ruminação e ócio em ovinos Santa Inês podem ser obtidos com observações em intervalos de até 30 minutos. Para a discretização das séries temporais, recomenda-se o uso da escala de cinco minutos.The objective of this trial was to compare and determine the most adequate time interval to register chewing activity in Santa Inês sheep. The following time intervals were investigated: 5, 10, 15, 20, 25, and 30 minutes. Eighteen intact male sheep averaging 22.62 kg of body weight at the beginning of the study were used. Animals were housed in individual pens and randomly assigned to one of six treatments: ammonia-treated elephantgrass or elephatgrass supplemented with three concentrates sources (0% cocoa meal and palm

  6. Desempenho e digestibilidade de nutrientes em ovinos alimentados com rações contendo farelo de babaçu Performance and nutrient digestibility on lambs fed diets containing different levels of babassu meal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antônio Robson Bezerra Xenofonte

    2008-11-01

    Full Text Available Com o objetivo de avaliar o desempenho, o consumo voluntário e a digestibilidade dos nutrientes, foram utilizados 24 ovinos sem raça definida (SRD, machos não-castrados, com peso inicial de 20 ± 3,25 kg e 4,6 ± 0,8 meses de idade. Os animais foram mantidos em confinamento e alimentados com dietas com farelo de babaçu (0, 10, 20 e 30% em substituição ao feno de capim-colonião. As dietas, isoprotéicas e isoenergéticas, foram fornecidas em forma de ração completa. Utilizou-se um delineamento em blocos casualizados, com quatro tratamentos e seis repetições. O consumo de matéria seca foi influenciado pela inclusão do farelo de babaçu na dieta e apresentou redução de 302 g/dia a cada 10% de participação de farelo de babaçu. A ingestão dos nutrientes e o desempenho foram restringidos pela diminuição do consumo de matéria seca. A inclusão do farelo de babaçu reduziu linearmente o ganho de peso dos animais. A digestibilidade dos nutrientes foi influenciada pelos níveis de farelo de babaçu, mas esse aumento está associado às reduções na ingestão de matéria seca. O farelo de babaçu, ao ser utilizado como alternativa de alimento para cordeiros em crescimento, compromete o consumo de alimentos e o ganho de peso dos animais.With the objective to evaluate the performance, voluntary intake and nutrient digestibilities, 24 NDB (no defined breed, non castrated male lambs with 20 ± 3.25 BW initial and 4.6 ± 0.8 months old were used. Animals were kept in feedlot and fed diets with babassu meal (0, 10, 20 and 30% in substitution to Panicum maximum Jack hay. The diets, isoprotein and isonitrogenous, were fed in a complete mix ration. A completely blocks randomized design, with four treatments and six replicates was used. The dry matter intake was influenced by the inclusion of babassu meal in the diet and presented a reduction of 302 g/day for each 10% of babassu meal inclusion. Nutrient intake and performance were limited by

  7. Avaliação do uso de frações indigestíveis do alimento como indicadores internos de digestibilidade em ovinos Evaluation of indigestible feed fractions as internal markers for predicting digestibility in lambs

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gilberto Vilmar Kozloski

    2009-09-01

    Full Text Available Avaliou-se o uso de matéria seca indigestível (MSi e de fibra detergente neutro indigestível (FDNi como indicadores internos de digestibilidade em ovinos. Utilizaram-se dados e amostras provenientes de seis ensaios independentes de digestibilidade com ovinos mantidos em gaiolas de metabolismo recebendo à vontade diversos tipos de volumoso e/ou concentrado. Os resíduos indigestíveis (MSi e FDNi foram determinados após 144 horas de incubação in situ de amostras de alimentos e fezes. O grau de recuperação da MSi variou de 64,8 a 108,5% e o da FDNi, de 49,5 a 67,9%. Quando a relação entre a concentração dos indicadores nas fezes e nos alimentos não foi corrigida para a recuperação fecal, a maior parte das estimativas médias de digestibilidade da matéria orgânica dos experimentos foi inferior às médias obtidas in vivo. Quando a relação foi corrigida para a recuperação fecal, as estimativas médias de digestibilidade da matéria orgânica usando os dois indicadores foram similares às obtidas in vivo em todos os experimentos. Quando as estimativas individuais, corrigidas para recuperação fecal do indicador, foram relacionadas às observações in vivo por análise de regressão, o coeficiente de regressão linear foi similar a 1 usando a MSi, mas foi menor que 1 usando a FDNi. Os valores individuais de digestibilidade da matéria orgânica estimados com os dois indicadores, contudo, foram pobremente relacionados às observações in vivo (r² variou de 0,60 a 0,63. Corrigindo-se para a recuperação fecal, a matéria seca residual após 144 horas de incubação in situ pode ser utilizada como indicador interno para estimar a digestibilidade média da dieta consumida por um grupo de animais, mas não é precisa para detectar pequenas diferenças na digestibilidade de alimentos impostas pelos tratamentos em um experimento.The use of indigestible dry matter (iDM and indigestible neutral detergent fiber (iNDF as internal

  8. Avaliação do comportamento biológico de homoenxertos valvares pulmonares descelularizados: estudo experimental em ovinos Evaluation of the biological behavior of decellularized pulmonary homografts: an experimental sheep model

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fábio Binhara Navarro

    2010-09-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Não havendo um substituto valvar ideal, os homoenxertos criopreservados são considerados uma boa opção, pelo excelente perfil hemodinâmico, baixa incidência de tromboembolismo, resistência a infecções e durabilidade a médio prazo. Porém, estão sujeitos à progressiva degeneração, especialmente em crianças e adultos jovens. Sua antigenicidade desencadeia uma resposta imunológica que contribui para sua degeneração, calcificação e falência. Para diminuir esta antigenicidade, desenvolveu-se o processo de descelularização. Pela ação de detergentes e enzimas, este processo remove os componentes celulares do homoenxerto, diminuindo sua imunogenicidade e, provavelmente, retardando sua degeneração. OBJETIVO: O objetivo deste estudo, experimental e descritivo, é analisar o comportamento histológico e funcional de homoenxertos pulmonares ovinos descelularizados (H-descel por uma nova solução, composta principalmente de dodecil sulfato de sódio a 0,1% e desenvolvida na PUCPR. Para caracterizar este comportamento, serão avaliados o repovoamento celular, a ocorrência de calcificação e a função valvar ao ecocardiograma. MÉTODOS: A amostra foi constituída de oito ovinos, submetidos ao implante de H-descel em posição ortotópica, através de uma toracotomia esquerda, com auxílio de circulação extracorpórea. Os animais foram acompanhados clinicamente e por ecocardiogramas periódicos até o explante, realizados em prazos predefinidos para cada dois animais: sete, 30, 90 e 180 dias. A análise histológica foi realizada por colorações Hematoxilina-eosina, Pentacrômio de Movat e Alizarina Red. RESULTADOS: Todos os animais sobreviveram ao procedimento e atingiram seus períodos de seguimento. Não houve insuficiência ou estenose destes enxertos ao ecocardiograma. Os animais submetidos aos explantes em 90 e 180 dias tiveram significativos ganhos ponderais e estes H-descel aumentaram de diâmetro, sem

  9. Regime alimentar para ganho compensatório de ovinos em confinamento: composição regional e tecidual da carcaça Diet for compensatory gain of feedlot lambs: commercial composition of carcass cuts and tissues

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    G.H. Nóbrega

    2013-04-01

    Full Text Available Determinou-se o efeito do regime alimentar para ganho compensatório sobre a composição regional e tecidual da carcaça de cordeiros terminados em confinamento. Foram utilizados 40 ovinos Santa Inês, machos, com média de 17±1,7kg de peso vivo (PV e 100 dias de idade. Ao final do período de confinamento, os cordeiros foram abatidos, e a meia carcaça esquerda foi seccionada em cinco cortes comerciais primários: pescoço, paleta, costilhar, lombo e perna. A perna foi dissecada em músculos, ossos e gorduras, e, em seguida, teve seu índice de musculosidade determinado. Foi mensurada a hipertrofia muscular por meio da média do diâmetro das fibras musculares. O peso (g da meia carcaça esquerda, do pescoço, da paleta, do costilhar, do lombo e da perna diminuiu linearmente, à medida que aumentou o nível de restrição prévia, de 0% até 60%, variando, respectivamente, de 11497,4 a 8888,5; de 1453,8 a 1211,4; de 1955,4 a 1560,9; de 3420,0 a 2604,6; de 1669,4 a 1161,6 e de 2998,8 a 2350,0. No rendimento dos cortes, apenas o lombo sofreu efeito do regime alimentar, diminuindo de 14,5 para 13,1%. O índice de musculosidade da perna (0,42 a 0,39 e o diâmetro das fibras musculares (46,0 a 43,4µm também diminuíram com o aumento da restrição prévia. A restrição alimentar seguida por realimentação diminui o peso dos cortes e não afeta seu rendimento; diminui também a proporção de gordura da carcaça, produzindo, assim, cortes mais leves e carne com menor teor de gordura.The effect of diets for compensatory gain on the commercial cut yield and carcasses tissue composition of finished feedlot lambs was determined. A total of 40 Santa Inês lambs, with mean body weight (BW of 17±1.7kg and 100 days old were used. The lambs were slaughtered; the left half carcass was sectioned into five primary commercial cuts: neck, shoulder, rib, loin and leg. The leg was dissected into muscle, bone and fat, and then the muscularity of the leg was

  10. Desempenho de ovinos em capim-tanzânia sob lotação rotativa com quatro proporções de suplementação concentrada Performance of sheep raised on Tanzania grass under intermittent stocking with four proportions of concentrate supplementation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R.C.F.F. Pompeu

    2009-10-01

    Full Text Available Avaliou-se o desempenho de ovinos em capim-tanzânia sob lotação rotativa com quatro proporções de suplementação concentrada 0%, 0,6%, 1,2% e 1,8% do peso vivo (PV, e oito repetições, em delineamento inteiramente ao acaso, com período de ocupação de três dias e descanso de 21 dias. Foram avaliados o ganho médio diário (GMD, o ganho de peso total (GPT, o número de dias para alcançar 12kg (D12, a taxa de lotação em ovinos/ha (TLO e em UA/ha (TLUA, o rendimento de peso vivo (RPV e a conversão alimentar do concentrado (CAC. Observou-se efeito quadrático da proporção de suplementação sobre o GMD que foi estimado em 65,87 e 113,15g/dia para os animais não suplementados e suplementados com 1,8% do PV. O suplemento também teve efeito quadrático sobre o GPT. O D12 estimado para os ovinos não suplementados foi de 204 dias, reduzindo-se para 113 dias para os animais suplementados com 1,8% do PV. Quanto à TLO e TLUA, observou-se efeito quadrático da proporção de suplementação. Observou-se efeito linear negativo da proporção de suplementação sobre RPV. A CAC foi melhor entre os animais suplementados com 0,6% do PV. A utilização da suplementação até 1,2% PV melhorou o desempenho dos ovinos em pastejo.This study evaluated the performance of sheep raised on Tanzania grass under intermittent stocking with four supplementation proportions 0; 0.6; 1.2, and 1.8% of live weight (LW and eight replicates, in a completely randomized design with tree grazing periods, and 21 rest periods. The average daily gain (GMD, the total weight gain (GPT, the days to reach 12kg (D12, the stocking rate (sheep/ha - TLO and animal unit/ha - TLUA, the live weight yield (RPV, and the concentrate: gain ratio (CAC was evaluated. It was observed a square effect of supplementation proportions on GMD, estimated in 65.87 and 113.15g/day for male sheep that was not supplemented and received 1.8% LW supplement. It was observed a square effect of

  11. Dinâmica do fósforo em ovinos alimentados com dietas contendo diversos níveis deste mineral Dynamics of phosphorus in the body of sheep fed different levels of this mineral in the diets

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Everton do Espírito Santo Borges

    2008-09-01

    Full Text Available Avaliou-se a dinâmica do fósforo no organismo de cordeiros Santa Inês alimentados com dietas com diversos níveis deste mineral, considerando as correlações entre os níveis de fósforo consumido e de fósforo no plasma; na saliva; no conteúdo ruminal; nas fezes; e na urina. Foram utilizados 18 cordeiros com 5 meses de idade e 27 kg de peso vivo. O experimento foi dividido em dois períodos de cinco semanas, cada um com nove animais. Os animais foram mantidos individualmente em gaiolas para estudo de metabolismo e receberam uma dieta basal constituída de feno de capim coast-cross (Cynodon dactylon, L. Pers. e concentrado com diferentes níveis de fósforo (1,9; 2,6; 3,3 g/dia provenientes de fosfato bicálcico. No 15º dia, iniciaram-se as coletas de saliva, plasma, conteúdo ruminal, fezes e urina para as análises de fósforo inorgânico. Observaram-se correlações positivas entre o aumento do consumo de fósforo e os teores desse mineral no plasma (r = 0,64, na saliva (r = 0,86, no conteúdo ruminal (r = 0,82, nas fezes (r = 0,92 e na urina (r = 0,37, comprovando que, quando absorvido, o fósforo é distribuído no corpo pelo plasma. Após a saturação no organismo, o excesso é secretado via saliva, segue para o rúmen e, ao chegar ao intestino, é reabsorvido em menor quantidade e excretado via fezes. À medida que se aumentaram os níveis de fósforo na dieta, verificou-se aumento expressivo dos teores desse mineral na saliva, no plasma, no conteúdo ruminal e nas fezes.The dynamics of phosphorus in the body of Santa Ines lambs fed diets with different levels of this mineral was evaluated, considering the correlations among the levels of phosphorus consumed, in plasma; in saliva, in rumen contents, in feces, and in urine. Eighteen lambs were used with five mo old and 27 kg BW. The experiment was divided into two periods of five weeks, each with nine animals. The animals were individually kept in cages of metabolism study and were

  12. Efeito dos níveis de concentrado sobre as características de carcaça de ovinos Morada Nova em confinamento Effect of concentrate levels on carcass characteristics of the Morada Nova breed sheep in feedlot

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Geovergue Rodrigues de Medeiros

    2009-04-01

    Full Text Available Avaliaram-se as características de carcaça e os rendimentos dos cortes medidos in vivo e na carcaça de ovinos Morada Nova terminados em confinamento com dietas contendo diversos níveis de concentrado. Utilizaram-se 32 cordeiros castrados, Morada Nova, com 8,11 ± 1,15 meses de idade e peso inicial de 19,67 ± 2,97 kg, em delineamento de blocos casualizados, cada um com oito repetições. Os animais foram abatidos com 30,0 kg e alimentados com quatro níveis de concentrado (20, 40, 60 ou 80%. Houve efeito linear crescente do nível de concentrado da dieta sobre o peso do corpo vazio e peso e o rendimento da carcaça fria e efeito linear decrescente sobre o conteúdo do trato digestório e o número de dias em confinamento. Os níveis de concentrado tiveram efeito linear crescente sobre o peso e rendimento de pescoço e efeito linear decrescente sobre os rendimentos da paleta e perna, ao passo que o peso do costilhar foi influenciado de forma quadrática pelos tratamentos. Nas medidas in vivo, apenas o perímetro da perna sofreu efeito decrescente. Nas medidas na carcaça, houve efeito linear crescente sobre a largura do tórax e a compacidade, que aumentaram com o nível de concentrado na dieta, enquanto a largura da garupa teve efeito quadrático. O uso de concentrado na dieta eleva os pesos e os rendimentos de carcaça fria, mas não aumenta os pesos e rendimentos dos cortes da carcaça de cordeiros Morada Nova.The in vivo carcass characteristics and the cut yields measured in the carcass of Morada Nova sheep finished in feedlot system fed increasing levels of dietary concentrate were evaluated. Thirty-two castrated Morada Nova lambs with 8.11 ± 1.15 months of age and 19.67 ± 2.97 kg of initial body weight were used in this trial. The experimet was analyzed as a completely randomized block design with eight replicates per treatment. Animals were slaughtered at 30.0 kg BW and fed diets with four concentrate levels: 20, 40, 60 or 80

  13. Fluxo de biomassa em capim-tanzânia pastejado por ovinos sob três períodos de descanso Biomass flow in tanzaniagrass pasture under three resting periods grazed by sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Magno José Duarte Cândido

    2006-12-01

    Full Text Available Avaliou-se o fluxo de biomassa em Panicum maximum cv. Tanzânia pastejado por ovinos com três períodos de descanso (PD, definidos pela expansão de 1,5; 2,5 e 3,5 novas folhas por perfilho, em um delineamento inteiramente casualizado, com duas repetições (piquetes. Estimaram-se as taxas de alongamento de lâmina foliar total (TAlF, de senescência de lâminas foliares remanescentes do pastejo anterior (TSFA, de senescência das novas folhas formadas no PD (TSFP e de senescência total (TSFT=TSFA+TSFP, a taxa de alongamento das hastes (TAlH, a razão entre as TAlF das folhas 1 e 2 (razão TAlF1/TAlF2, a densidade populacional de perfilhos (DPP, o filocrono e as taxas de crescimento (TCC e de acúmulo (TAC da cultura. A razão TAlF1/2 não foi afetada pelos PD, mas reduziu ao longo dos ciclos na pastagem sob PD 3,5. A TAlF não foi afetada pelos PD. A TAlH, a TSFA e a TSFT na pastagem sob PD 1,5 foram menores que nas demais. Houve TSFP somente na pastagem sob PD 3,5. O filocrono da pastagem sob PD 1,5 foi superior ao observado nas demais. A densidade populacional de perfilhos (DPP da pastagem sob o PD 2,5 foi similar à verificada na pastagem sob PD 1,5 e superior à verificada sob PD 3,5. Houve redução na DPP ao longo dos ciclos na pastagem sob PD 3,5. As taxas de crescimento (TCC e de acúmulo (TAC foram superiores na pastagem sob PD 2,5. O prolongamento do PD elevou as TAlH e TSFT e reduziu a DPP e a TAC. Portanto, o PD do capim-tanzânia pastejado por ovinos não deve exceder o tempo necessário à expansão de 2,5 novas folhas por perfilho.The biomass flow in Panicum maximum cv. Tanzânia pasture grazed by sheep under three resting periods (PD, defined by the expansion of 1.5; 2.5 and 3.5 new leaves per tiller (1.5F; 2.5F and 3.5F, respectively was evaluated in a randomized completely design with two replicates (paddocks. It was determined the leaf elongation rate (TAlF, the residual leaf senescence rate (TSFA, the post-grazing leaf

  14. Artérias e veias placentárias em ovinos deslanados sem raça definida (Ovis aries, L. 1758

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Janicleide Maria de Almeida

    2000-01-01

    Full Text Available O suprimento sangüíneo da placenta de 30 ovelhas deslanadas sem raça definida foi estudado mediante análise de peças obtidas através de injeção vascular com Látex Neoprene 650 corado. Constataram-se no material casos de gestações únicas (53,3%, gemelares (46,7% e trigemelares (3,3%. Em todos os casos analisados, observaram-se 4 vasos umbilicais (2 artérias e 2 veias além do ducto alantóide, na constituição do funículo umbilical. Em apenas 1 caso (gestação trigemelar, as duas artérias umbilicais de um dos fetos fundiram-se na porção média do funículo umbilical, e neste caso integrava apenas uma veia umbilical. A área placentária hilar variava de 2,0 a 6,0 centímetros dependendo da fase de gestação. O número médio de placentônios por gestação foi igual a 96, com tamanhos e formas bastante diversificados, sendo que aqueles maiores que 1,5 centímetro eram predominantes, assim como aqueles de formato ovóide. Os placentônios eram irrigados e drenados por uma série diversificada de artérias e veias, constituindo arranjos arteriocotiledonários e venocotiledonários, perfazendo um total de 299 e 314 arranjos respectivamente.

  15. Mastite em pequenos ruminantes no Brasil Small ruminant mastitis in Brazil

    OpenAIRE

    Rodolfo de M. Peixoto; Rinaldo Aparecido Mota; Mateus M. da Costa

    2010-01-01

    Este artigo objetivou revisar as informações recentes sobre mastite em pequenos ruminantes, abrangendo etiologia, epidemiologia, aspectos de controle e profilaxia. Houve a preocupação em reunir resultados de estudos desenvolvidos no Brasil, uma vez que a mastite tem a interferência de uma série de fatores, como fatores ambientais e outros decorrentes dos sistemas de manejo empregados, condições essas determinantes para etiologia e epidemiologia da enfermidade. A prevalência da mastite em capr...

  16. Níveis de farelo de melancia forrageira em dietas para ovinos Levels of forage watermelon meal in diets for sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raimundo Luiz Nunes Vaz da Silva

    2009-06-01

    Full Text Available Com o objetivo de estudar a inclusão de 20, 35, 50, 65 ou 80% de farelo de melancia forrageira (Citrullus lanatus cv. citroides (FMF em dietas à base de feno de guandu (Cajanus cajan, foi realizado um ensaio de digestibilidade utilizando-se 20 cordeiros com 6 meses de idade e peso vivo de 11,2 ± 1,2 kg. O experimento constou de 20 dias de adaptação e 5 de coleta total de sobras e de fezes. O farelo de melancia forrageira e o feno de guandu apresentaram 95,3 e 95,75% de matéria seca (MS, 18,7 e 16,8% de proteína bruta (PB e 38,8 e 64,3% de fibra em detergente neutro (FDN. Os níveis de farelo de melancia forrageira determinaram aumento quadrático nos consumos de MS, MO, PB, FDN, FDA, hemicelulose e carboidratos totais. O consumo de extrato etéreo não foi alterado, mas o consumo de CNF teve aumento linear conforme aumentaram os níveis de farelo de melancia forrageira. Os coeficientes de digestibilidade de MS (58%, PB (69%, FDN (41% e EE (85% não foram influenciados pelo nível de farelo de melancia forrageira. As digestibilidades de MO (54 a 62%, FDA (36 a 49% e carboidratos totais (47 a 58% variaram linear e positivamente, enquanto a digestibilidade da hemicelulose teve comportamento inverso. As dietas proporcionaram consumo de matéria seca que atendeu a exigência dos animais. Os coeficientes de digestibilidade observados foram satisfatórios. O farelo de melancia forrageira pode ser indicado para compor dietas à base de feno de guandu em níveis de 35 a 66% da matéria seca.In order to study the inclusion of forage watermelon (Citrullus lanatus var. Citroides meal (FWM in pigeon pea hay based diets (Cajanus cajan (PPH, a digestibility trial in sheep was carried out for testing five levels of FWM (20, 35, 50, 65 and 80%. Twenty lambs with an average age of six months and live weight of 11.2 kg (± 1.2 were used. The experimental period was twenty days for adaptation and five days for total refuses and feces collection. The chemical

  17. Consumo e comportamento ingestivo de caprinos e ovinos alimentados com palma gigante (Opuntia ficus-indica Mill e palma orelha-de-elefante (Opuntia sp. = Intake and ingestive behavior of sheep and goats fed with cactus pear (Opuntia ficus-indica Mill and prickly pear (Opuntia sp.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Agenor Costa Ribeiro Neto

    2008-04-01

    Full Text Available O presente trabalho teve por objetivo avaliar o consumo e comportamento ingestivo de caprinos e ovinos alimentados com palma Gigante (Opuntia ficus-indica Mill e palma Orelhade-elefante (Opuntia sp.. Foram utilizados 20 animais mestiços, sendo dez caprinos e dez ovinos, alojados em galpão coletivo, contidos individualmente por meio de cordas, distribuídos em delineamento inteiramente casualizado, em um arranjo fatorial 2 x 2 (duas espécies animais e duas variedades de palma. As observações comportamentais foram realizadas em intervalos de 5 min. por um período de 24h. Os consumos de matéria seca, extrato etéreo, fibra em detergenteácido, carboidratos totais e carboidratos não-fibrosos foram menores (p 0,05 sobre o tempo gasto comalimentação e eficiência de alimentação. O tempo gasto com ruminação foi maior para a dieta com palma Gigante, consequentemente os animais da dieta com palma Orelha-de-elefante permaneceram mais tempo em ócio. Comparando as espécies caprina e ovina, verificou-se que aeficiência de ruminação, tanto de MS quanto de FDN, foi maior para a espécie ovina. Os animais gastaram mais tempo ruminando deitados do que em pé, mas não foi verificada diferença quanto ao lado escolhido para deitarem.The objective of this study was to evaluate the intake and ingestive behavior of sheep and goats fed with cactus pear (Opuntia ficus-indica Mill and prickly pear (Opuntia sp.. Twenty crossbred animals – 10 sheep and 10 goats – were used. They were lodged in a collective shed, contained individually with ropes, distributed using a completely randomized design, and treated with a 2 x 2 factorial arrangement (2 animal species and 2 varieties of cactus. Behavioralobservations were made at five-minute intervals during a 24-hour period. Dry matter, ether extract, acid detergent fiber, total carbohydrate and non-fibrous carbohydrate intake were reduced (p 0.05 on feeding time and feeding efficiency. The time spent with

  18. Retenção do fósforo de fenos de gramíneas tropicais em ovinos Phosphorus balance in sheep fed on tropical grass hays

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R.A. Reis

    1999-06-01

    Full Text Available Mediu-se a retenção do fósforo de quatro gramíneas tropicais, capim-gordura (Melinis minutiflora, capim-braquiária (Brachiaria decumbens, capim-coastcross (Cynodon dactilon e capim-colonião (Panicum maximum, em cinco ovinos por meio de ensaios de balanço de fósforo. O experimento constou de quatro fases, cada uma com duração de 21 dias (14 dias de adaptação à dieta e sete dias de colheita de fezes, totalizando 20 observações. A análise dos dados foi feita por polinômios ortogonais, testando-se os efeitos de tratamento, de período e de animal, e os contrastes foram comparados pelo teste F. A retenção de fósforo foi negativa nos fenos dos capins gordura, braquiária e coastcross e positiva no feno do capim-colonião. Por análise de regressão, a perda fecal do fósforo endógeno foi estimada em 15,5mg/kg PV/dia e o coeficiente médio de retenção foi de 0,37. Pela razão entre o balanço e a ingestão, estimou-se que o consumo de fósforo necessário para alcançar o equilíbrio foi de 44mg/kg PV/dia.One experiment was conducted using five adult sheep fed on four tropical grass hays to determine phosphorus (P retention. The experiment consisted of four periods of 21 days (14 days adaptation and seven days faeces collection. The treatments were: A molasses grass (Melinis minutiflora, B brachiaria grass (Brachiaria decumbens, C coastcross grass (Cynodon dactilon and D Guinea grass (Panicum maximum. Phosphorus concentrations were 0.05%, 0.07%, 0.11% and 0.18% for treatments A, B, C and D, respectively. The effects of treatment, period and animal were evaluated by ortogonal polynomials and the contrasts by F test. Negative P balances were produced in treatments A, B and C (-13.05, -9.36 and -8.26mg/kg LW/day, respectively which were not significantly different from each other. Positive P balance of 8.14mg/kg LW/day was produced in treatment D, which was significantly higher (P<0.05 than treatments A, B and C. Endogenous losses

  19. OBTENTION METHODS OF RESPIRATORY TRACT CELSS IN HEALTHY SHEEP BY THE TRACHEOBRONCHEAL LAVAGE TECHNIQUE BY NASOTRACHEAL VIA METODOLOGIA DE COLHEITA DE CÉLULAS DO TRATO RESPIRATÓRIO EM OVINOS SADIOS ATRAVÉS DA TÉCNICA DE LAVAGEM TRAQUEOBRÔNQUICA POR VIA NASOTRAQUEAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberto Calderon Gonçalves

    2008-07-01

    Full Text Available

    The technique of pulmonary cells obtention by nasotracheal intubation was evaluated and the cellular population of 19 healthy sheep was characterized. The animals were hold standing still with head and neck strait; aligned with the vertebral spine and a silicone tube guide till the carina, to introduce a lower caliber tube for precede the tracheobronchial lavage. The average counting of nucleated cells was 64.650 ± 49.674. The cytological analyses of the samples slowed by the average of obtained percentages: 62.74% of macrophages, 15.01% cylindrical epithelial cells, 20.04% of neutrophills, 1.44 of lymphocytes and 0.77% of eosinophills. It was concluded that this methods of sample obtention by nasotracheal intubation to reach the tracheobronchial region was efficient to cytological characterization and cellular differentiation in the obtained samples, being well supported by the animals.

     

    KEY WORDS: Citocentrifugation, cytology, tracheobronchial lavage, sheep.

    Avaliou-se a técnica de colheita de células do trato respiratório em ovinos, por sondagem nasotraqueal, e caracterizou-se a população celular em dezenove ovinos clinicamente sadios. Os animais foram contidos em estação, com cabeça e pescoço estendidos e alinhados com a coluna vertebral. Após a contenção, introduziu-se uma sonda-guia siliconizada até a bifurcação da traquéia, por dentro da qual se passou uma sonda de menor calibre, para realização do lavado traqueobrônquico. A média da contagem de células nucleadas foi de 64.650 ± 49.674. A análise citológica das amostras evidenciou, pelas médias das porcentagens obtidas, 62,74% de macrófagos, 15,01% de células epiteliais cilíndricas, 20,04% de neutrófilos, 1,44% de linfócitos e 0,77% de eosinófilos. Concluiu-se que o método de colheita por sondagem nasotraqueal foi eficiente na obtenção de amostras de regi

  20. Ação dos extratos de quatro plantas sobre larvas infectantes de nematódeos gastrintestinais de ovinos

    OpenAIRE

    Hassum, Izabella Cabral; Venturi, Caroline Rita; Gosmann, Grace; Deiro, Ana M. Girardi

    2013-01-01

    Introdução: a ação de extratos hidroalcoólicos de Eugenia uniflora L. (pitangueira), Mentha x piperita L. (hortelã), Myrcianthes pungens (O. Berg) D. Legrand (guabiju) e Peltophorum dubium (Spreng.) Taub. (canafístula) foi avaliada sobre o desenvolvimento de nematódeos gastrintestinais nas coproculturas de ovinos. Objetivo: avaliar a ação in vitro dos extratos vegetais sobre os nematódeos gastrintestinais de ovinos. Métodos: cada extrato foi testado em culturas triplicadas de fezes nas seguin...

  1. Utilização de vagens de Prosopis juliflora na alimentação de ovinos e caprinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Franklin Riet-Correa

    2012-10-01

    Full Text Available Sinais nervosos associados à ingestão de vagens de Prosopis julilora tem sido descritos em aprinos adultos pastejando continuamente em áreas invadidas por esta planta. A doença não tem sido constatada em ovinos, mas nesta espécie o pastejo em áreas invadidas por P. julilora tem sido associado à ocorrência de malformações. O presente trabalho objetivou estudar a toxicidade sobre o sistema nervoso e o efeito teratogênico de vagens de P. julilora (algaroba em ovinos e avaliar a sua toxicidade em caprinos. Para isso foram realizados três experimentos. No Experimento 1, grupos de quatro ovinos receberam vagens na concentração de 0, 60% e 90% da alimentação durante um ano. No Experimento 2, sete ovelhas ingeriram vagens, em quantidades equivalente a 2,1% do peso corporal (pc durante toda a gestação. No Experimento 3, três caprinos receberam vagens em quantidade equivalente a 1,5% do pc por periodos de 264, 474 e 506 dias. Nenhum animal experimental apresentou sinais nervosos e no Experimento 2 todas as ovelhas pariram cordeiros normais. Esses resultados sugerem que as vagens de algaroba podem ser utilizadas sem restrição na alimentação de ovinos. Em um trabalho anterior as vagens de algaroba, nas concentrações de 60% e 90% da alimentação, causaram intoxicação em caprinos apos 210 dias de ingestão o que sugere que ocorrem variações na toxicidade das vagens. Recomenda-se que caprinos não permaneçam em áreas invadidas por algaroba por mais de um periodo de frutificação da planta.

  2. DEVELOPMENT AND STANDARDIZATION OF AN INDIRECT ELISA FOR THE DIAGNOSIS MAEDI-VISNA IN SHEEP DESENVOLVIMENTO E PADRONIZAÇÃO DE UM ELISA INDIRETO PARA DIAGNÓSTICO DE MAEDI VISNA EM OVINOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tânia Valeska Medeiros Dantas

    2008-04-01

    por centrifugação a 3.000 g por 40 minutos A suspensão clarificada foi precipitada por PEG 8000, centrifugada a 12.000 g por 60 minutos, o pellet ressuspendido em TNE (Tampão Tris-HCl, NaCl, EDTA e ultracentrifugado a 42.000 g por 105 minutos em colchão de sacarose, e ressuspendido em PBS contendo phenylmethylsulphonyl fluoride (PMSF. Realizou-se o ELISA em microplacas de 96 poços, incubadas por 1h a 37 ºC, utilizando-se como revelador o-phenylenediamine (OPD. Para a comparação entre os testes de ELISA e AGID, utilizaram-se 175 amostras de soros. A concentração ótima do antígeno foi a de 2 µg/mL e a melhor diluição dos soros, controles e testes de 1:100. O ELISA detectou um maior número de positivos (40 que o AGID (11, apresentando uma sensibilidade de 91%, especificidade de 82%. O ELISA promoveu uma melhor sensibilidade que o AGID. Embora sua especificidade tenha ficado abaixo do esperado, seu uso pode ser indicado como teste de diagnóstico de MVV.PALAVRAS-CHAVES: Diagnóstico sorológico, ELISA, lentivírus ovino, MaediVisna.

  3. Doenças do sistema digestório de caprinos e ovinos no semiárido do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Milena A. Aragão de Lira

    2013-02-01

    Full Text Available As doenças do sistema digestório de caprinos e ovinos na região semi-árida do nordeste do Brasil foram avaliadas através de um estudo retrospectivo de 2.144 atendimentos de pequenos ruminantes no Hospital Veterinário da Universidade Federal de Campina Grande, Patos, Paraíba, no período de janeiro de 2000 a dezembro de 2011. Os registros foram revisados para determinar a ocorrência e as principais características clínicas, epidemiológicas e patológicas dessas enfermidades. De um total de 512 casos (23,9% de distúrbios digestivos, 367 (71,7% ocorreram em caprinos e 145 (28,3% em ovinos. As helmintoses gastrintestinais e a coccidiose foram as doenças mais frequentes, com um total de 330 casos. Os distúrbios da cavidade ruminoreticular (acidose, indigestão simples, timpanismo, e compactação ruminal totalizaram 94 casos. O abomaso foi afetado primária e secundariamente por úlceras. Casos de obstrução e compressão do trato gastrointestinal também foram observados. Malformações como atresia anal e fenda palatina foram registradas em ambas as espécies, sendo esta última associada à ingestão de Mimosa tenuiflora. Entre as doenças infecciosas foram observados cinco casos de ectima contagioso, dois casos de paratuberculose e dois casos de pitiose gastrointestinal. Em sete animais suspeitou-se de enterotoxemia e 31 casos foram diagnosticados como enterite inespecífica. A não utilização de práticas de controle integrado de parasitas e a utilização de alimentos inadequados durante o período de escassez de forragem contribuiu para a ocorrência de um grande número de doenças. A prática de conservação de forragens poderia reduzir substancialmente a ocorrência de distúrbios digestivos na região semiárida.

  4. Isolamento e PCR para detecção de Mollicutes em muco vaginal e sua associação com problemas reprodutivos em ovinos criados na região de Piedade, São Paulo, Brasil Mollicutes isolation and PCR on ovine vaginal mucous and its association with reproductive problems in Piedade, SP, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Huber Rizzo

    2011-02-01

    Full Text Available Pesquisou-se Mycoplasma spp, Ureaplasma spp e Acholeplasma laidlawiii em amostras de muco vaginal de 60 ovinos, criados na região de Piedade no Estado de São Paulo, Brasil, que apresentavam ou não vulvovaginite no exame específico do sistema genital. A caracterização desses microrganismos baseou-se no cultivo e detecção do respectivo DNA pela Reação da Polimerase em Cadeia (PCR com os primers para classe Mollicutes (GPO e MGSO, para o gênero Ureaplasma (UGPF e UGPS e a espécie Acholeplasma laidlawii (UNI e ACH3. A presença de micoplasmas não foi associada com distúrbios do trato reprodutivo dos animais, entretanto todos os isolados obtidos de Ureaplasma spp foram provenientes de animais com distúrbios reprodutivos, sugerindo o possível envolvimento desse agente nas enfermidades da reprodução. A PCR para a espécie Acholeplasma laidlawii detectou somente uma amostra positiva.It was evaluated the presence of Mycoplasma spp, Ureaplasma spp and Acholeplasma laidlawiii in 60 samples of ovine vaginal mucous with the presence or absence of vulvovaginitis in the specific exam of the reproductive tract. The microorganisms were characterized based on bacteriological culture and DNA detection by Polymerase Chain Reaction (PCR with specific primers to Mollicutes (GPO and MGSO, Ureaplasma (UGPF and UGPS and Acholeplasma laidlawii (UNI and ACH3. The presence of mycoplasmas could not be associated with reproductive disorders in animals. The PCR to Acholeplasma laidlawii detected only one positive sample. However, all isolations of Ureaplasma spp were from animals presenting reproductive disorders, suggesting a possible involvement of this agent in reproductive diseases.

  5. Haemoglobin polimorphism in sheep (“Ovis aries”, L.: evaluation of genotype and frequency of animals breeder in Bahia State, Brazil Polimorfismo da hemoglobina de ovinos ("Ovis aries", L.: determinação do tipo e da freqüência em animais criados no Estado da Bahia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana da Silva Rodrigues Cavacanti

    2009-09-01

    Full Text Available The distribution of hemoglobin types was investigated in 296 blood samples of health sheep, included adult and young animal, breeder in Bahia State. In this study were included sheep of the Brazilian Native breed (BNB as Santa Inês (SI, Morada Nova (MN, Rabo Largo (RL and crossbred of Suffolk x Dorper and BNB x Dorper. Blood samples were collected by venipuncture of the jugular in tubes containing E.D.T.A. and the hemoglobin typing was performed by starch gel electrophoresis using Tris-EDTA-Borate (pH 9,5 as buffer solution. Two migrations bands associated to allele HbA and HbB were found, corresponding to the three genotypes: Hb-AA, Hb-AB and Hb-BB and the frequencies if the type observed were: Hb-AA 49,0% (145/296, Hb-AB 39,18% (116/296 e Hb-BB 11,82% (35/296. The sheep of the NBB (SI, RL and MN were found all Hb types identifield; in the Dorper breed only Hb-AA was observed and in the crossbreed wasn’t detected the Hb-BB. The gene frequency of the allelic HbA and HbB were, respectively 0,69 and 0,31. The fetal haemoglobin was no longer detectable in any sheep. The hemoglobin polymorphism occurred among the sheep being the homozygous genotypes Hb-AA predominant.Os tipos da hemoglobina de ovinos foram determinados colhendo-se 296 amostras de sangue de animais de raças criadas no Estado da Bahia, que incluiu machos e fêmeas; adultos e jovens. Foram utilizados ovinos das raças nativas Santa Inês (SI, Morada Nova (MN, Rabo Largo (RL, Dorper, de origem africana, bem como animais resultantes de cruzamento entre as raças nativas com a raça Suffolk e com a raça africana. As amostras sangüíneas foram colhidas por venipunção da jugular, em tubos contendo EDTA e a determinação dos tipos de hemoglobina foi realizada por meio da técnica de eletroforese alcalina em gel (pH 9,5. Dessas amostras avaliadas foram identificados três genótipos da hemoglobina: Hb-AA, caracterizada por uma banda lenta; Hb-BB, caracterizada pela presença da banda

  6. Consumo e desempenho produtivo de ovinos alimentados com dietas que continham coprodutos do desfibramento do sisal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R.D. Santos

    2011-12-01

    Full Text Available Avaliaram-se o desempenho produtivo e o consumo de nutrientes e frações fibrosas em ovinos alimentados com dietas contendo coprodutos do desfibramento do sisal, Agave sisalana. Foram utilizados 24 ovinos, machos, alojados em baias individuais. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente ao acaso, com quatro tratamentos e seis repetições. Os tratamentos consistiram em quatro dietas isoproteicas, em que: i dieta padrão, contendo 38% de volumoso (silagem de milheto e 62% de concentrado (milho, farelo de soja e ureia; ii inclusão de 20% da silagem de mucilagem do sisal em substituição à silagem de milheto; iii inclusão de 20% da silagem de mucilagem associada ao pó da batedeira como aditivo em substituição à silagem de milheto; iv inclusão de 20% do feno da mucilagem em substituição à silagem de milheto. O peso corporal final, os ganhos médio diário e total e a conversão alimentar dos ovinos não foram influenciados pelas dietas avaliadas (P>0,05. Os consumos dos nutrientes, em g/dia e em %PC e g/kg0,75, não sofreram influência das dietas. Os resultados indicam que as dietas à base de coprodutos do sisal podem ser utilizadas como alternativa volumosa, além de possibilitar o aumento da rentabilidade da atividade na região semiárida brasileira.

  7. Comportamento ingestivo de ovinos alimentados com rações contendo quatro níveis de inclusão do farelo de mamona

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marieta Maria Martins Vieira

    2011-08-01

    Full Text Available Este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de observar a influência de quatro níveis de substituição (0; 50; 75 ou 100% do farelo de soja pelo farelo de mamona destoxificado em rações para ovinos mestiços 1/2 Morada Nova x 1/2 SPRD (sem padrão racial definido sobre o seu comportamento ingestivo. O delineamento utilizado foi o inteiramente casualizado com quatro tratamentos e cinco repetições. Os ovinos eram machos, inteiros, com peso corporal 18,01 ± 1,41 kg e idade média de 7 meses. Foram avaliadas atividades contínuas (tempo de alimentação, ruminação, outras atividades e ócio e pontuais (consumo de sal, ingestão de água, micção e defecação, como também a eficiência de alimentação (EAL, eficiência de ruminação (ERU, tempo de alimentação (TAL, tempo de ruminação (TRU, tempo de mastigação total (TMT, número de bolos ruminais (BOL, tempo de mastigações merícicas por bolo ruminal (MMtb e número de mastigações merícicas por bolo ruminal (MMnb. As variáveis tempo de alimentação, ruminação, outras atividades, ócio, consumo de sal e ingestão de água foram afetadas (P<0,05, especialmente o MMnb, que foi inferior para os animais alimentados com as rações com 100% de substituição, possivelmente pelo seu menor teor de fibra (oriundo da forragem, sendo possível a substituição total do farelo de soja pelo farelo de mamona destoxificado.

  8. Relationship of intestinal histology with the resistance to Trichostrongylus colubriformis infection in three breeds of sheep Associação entre a resposta celular no intestino e a resistência à infecção por Trichostrongylus colubriformis em três raças de ovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alessandro F.T. Amarante

    2007-01-01

    Full Text Available The study was carried out to evaluate the relationship of inflammatory intestinal cells with the resistance to Trichostrongylus colubriformis infections in three breeds of sheep (Santa Ines, Suffolk and Ile de France, naturally infected. Mast cells, eosinophils, and globule leucocytes were enumerated in intestinal mucosa. Histamine concentration was estimated in intestinal tissue samples and the length of male and female specimens were determined. The three breeds of sheep showed similar cellular response in the small intestine mucosa (P>0.05. There was extensive variation among sheep in the parasitological and inflammatory cell variables, even in lambs of the same breed. In general, animals presenting less inflammatory cells had a larger worm burden, higher fecal egg counts, and larger T. colubriformis worms. The inflammatory cells possibly impaired the parasite's establishment, development, and survival.Avaliaram-se a associação entre o número de células inflamatórias no intestino delgado e a resistência à infecção por Trichostrongylus colubriformis em ovinos de três raças (Santa Inês, Suffolk e Ile de France, naturalmente infectados. Mastócitos, eosinófilos e leucócitos globulares foram quantificados na mucosa intestinal. A concentração de histamina foi estimada em amostras teciduais do intestino, bem como foi determinado o comprimento de machos e fêmeas de T. colubriformis. A resposta celular foi similar na mucosa intestinal das três raças ovinas (P>0,05. Houve grande variação entre os ovinos em relação aos resultados parasitológicos e celulares, mesmo nos animais de mesma raça. Em geral, os animais que apresentaram número menor de células inflamatórias tiveram cargas parasitárias maiores, contagens de ovos por grama de fezes mais altas e exemplares de T. colubriformis maiores. Os resultados indicaram que mastócitos, eosinófilos e leucócitos globulares prejudicaram o estabelecimento, o desenvolvimento e a

  9. EFEITO DA SUPLEMENTAÇÃO PROTÉICA SOBRE OS PARÂMETROS CLÍNICOS E PARASITOLÓGICOS DE OVINOS MANTIDOS EM PASTAGEM DE TIFTON 85 EFFECT OF PROTEIN SUPPLEMENTATION ON THE CLINICAL AND PARASITOLOGICAL PARAMETERS OF LAMBS UNDER PASTURE OF TIFTON 85

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Maia Nogueira

    2009-12-01

    Full Text Available

    A suplementação proteica pode ser uma importante ferramenta para os sistemas de produção de ovinos em pastagens tropicais. Objetivou-se com este trabalho avaliar os parâmetros clínicos e parasitológicos de ovinos mantidos em pastagem de Tifton 85 (Cynodon dactylon irrigada, recebendo suplementos com diferentes fontes proteicas. Foram utilizados 28 ovinos castrados e mestiços, distribuídos homogeneamente em quatro tratamentos. Além do controle não suplementado, os tratamentos avaliados foram: farelo de soja, ureia e torta de algodão. Realizou-se a vermifugação dos animais de acordo com o método Famacha©. Não houve diferença significativa (P>0,05 entre os tratamentos para o consumo de matéria seca total, ganho médio diário e ganho de peso total. Foi observado maior consumo de forragem (P<0,05 para os animais mantidos exclusivamente em pastagem. Estes animais também apresentaram maior contagem de ovos por grama de fezes (OPG (P<0,05 em comparação aos suplementados com ureia ou com torta de algodão. Não houve diferença significativa (P>0,05 para os diferentes tons de coloração da conjuntiva nem para o número de animais vermifugados. Observou-se uma prevalência de 72,0% a 83,0% de larvas de Trichostrongylus sp. As diferentes suplementações proteicas não influenciaram as características clínicas nem produtivas dos animais.

    PALAVRAS-CHAVES: Cynodon dactylon, endoparasitas, Famacha©, farelo de soja, torta de algodão, ureia.
    The protein supplementation may be an important tool for sheep production systems in tropical grazing. This work aimed to evaluate parasitological and clinical aspects of lambs under irrigated pasture of Tifton 85 (Cynodon dactylon and receiving supplementation from different protein sources. Twenty-eight, castrated and crossbreed lambs, were used as animal testers and allocated into four treatments. Besides the control with exclusively use of pasture

  10. Análise qualitativa de compostos voláteis do headspace de carne cozida de ovinos e caprinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jossiê Zamperetti Donadel

    2013-11-01

    Full Text Available Este estudo teve como objetivo caracterizar qualitativamente os compostos voláteis (CV do headspace de diferentes músculos de carne cozida de ovinos e caprinos da região do Alto Camaquã, Rio Grande do Sul - Brasil. Os CV do headspace dos músculos cozidos, L. dorsi e V. lateralis de cinco ovinos machos (idade de 6 meses e cinco cabritos machos castrados (idade de 8-9 meses foram analisados pela técnica de microextração em fase sólida (HS-SPME e cromatógrafo a gás acoplado a espectrômetro de massas (GC/MS. Foram encontrados 73 compostos voláteis, dentre eles aldeídos, cetonas e compostos sulfurados, característicos de carne processada termicamente. A partir da fração volátil, foi possível encontrar marcadores que discriminassem as espécies animais estudadas, caracterizando os caprinos por apresentarem, entre outros compostos, terpenos (β-pineno, α-gurjuneno, α-muuroleno, ausentes em ovinos. Alguns compostos discriminaram V. lateralis e L. dorsi de ovinos, como álcool isopropílico, α-pineno, o-xileno, porém não foi possível obter uma diferenciação entre os músculos de caprinos.

  11. Utilização do etanol na prevenção da calcificação em heteroenxerto valvar pulmonar porcino: estudo experimental em ovinos Use of ethanol in preventing calcification of porcine pulmonary heterograft: experimental study in sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    George Ronald Soncini da Rosa

    2006-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar comparativamente o uso do etanol (E com o glutaraldeído (GDA, como método de inibição da calcificação dos heteroenxertos valvares pulmonares porcinos (HVPP implantados na via de saída do ventrículo direito (VD de ovinos jovens. MÉTODO: Foram utilizados dez ovinos jovens, em dois grupos contendo cinco animais cada. A operação consistiu na implantação do HVPP na via de saída do VD com circulação extracorpórea, divididos em dois grupos; o grupo do GDA (controle e o grupo E (grupo em que os HVPP foram pré-tratados com etanol a 80%. Realizou-se estudo ecocardiográfico para medida do gradiente transvalvar pulmonar, análise macroscópica da parede do HVPP e microscópica quanto à presença de calcificação; e mensuração do cálcio na cúspide valvar após 210 dias. RESULTADOS: Na mensuração do cálcio do HVPP encontrou-se no grupo GDA (7,98 ± 6,82µg cálcio/mg tecido, no grupo E (0,31± 0,33µg cálcio/mg tecido. Em relação ao gradiente transvalvar máximo em 30 dias, não houve diferença significativa entre os grupos, já aos 90, 180 e 210 dias, o grupo GDA apresentou maior gradiente transvalvar do que o grupo do etanol. Na análise macroscópica da parede do HVPP, observou-se calcificação em ambos os grupos, sendo mais intensa no grupo do GDA. Na avaliação microscópica das cúspides do HVPP em relação à presença de calcificação, observou-se que no grupo GDA esteve presente em todos os animais, enquanto no grupo E, esteve ausente em todos. CONCLUSÃO: Conclui-se que etanol a 80% inibe a calcificação das cúspides no período analisado, mas não inibe a calcificação da parede do HVPP.OBJECTIVE: The objective of this work was to comparatively evaluate the use of ethanol (E with glutaraldehyde (GDA to inhibit the calcification of the porcine pulmonary valvar heterografts (PPVH implanted in the right ventricle outflow tract of young sheep. METHODS: Ten young sheep were used, divided into two

  12. Doenças do sistema digestório de caprinos e ovinos no semiárido do Brasil Diseases of the digestive system of sheep and goats in the semiarid region of Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Milena A. Aragão de Lira

    2013-02-01

    Full Text Available As doenças do sistema digestório de caprinos e ovinos na região semi-árida do nordeste do Brasil foram avaliadas através de um estudo retrospectivo de 2.144 atendimentos de pequenos ruminantes no Hospital Veterinário da Universidade Federal de Campina Grande, Patos, Paraíba, no período de janeiro de 2000 a dezembro de 2011. Os registros foram revisados para determinar a ocorrência e as principais características clínicas, epidemiológicas e patológicas dessas enfermidades. De um total de 512 casos (23,9% de distúrbios digestivos, 367 (71,7% ocorreram em caprinos e 145 (28,3% em ovinos. As helmintoses gastrintestinais e a coccidiose foram as doenças mais frequentes, com um total de 330 casos. Os distúrbios da cavidade ruminoreticular (acidose, indigestão simples, timpanismo, e compactação ruminal totalizaram 94 casos. O abomaso foi afetado primária e secundariamente por úlceras. Casos de obstrução e compressão do trato gastrointestinal também foram observados. Malformações como atresia anal e fenda palatina foram registradas em ambas as espécies, sendo esta última associada à ingestão de Mimosa tenuiflora. Entre as doenças infecciosas foram observados cinco casos de ectima contagioso, dois casos de paratuberculose e dois casos de pitiose gastrointestinal. Em sete animais suspeitou-se de enterotoxemia e 31 casos foram diagnosticados como enterite inespecífica. A não utilização de práticas de controle integrado de parasitas e a utilização de alimentos inadequados durante o período de escassez de forragem contribuiu para a ocorrência de um grande número de doenças. A prática de conservação de forragens poderia reduzir substancialmente a ocorrência de distúrbios digestivos na região semiárida.Diseases of the digestive system of goats and sheep in the semiarid region of northeastern Brazil were evaluated by a retrospective study of 2,144 attendances of small ruminants in the Veterinary Hospital of the

  13. Avaliação histológica dos testículos de ovinos da raça Santa Inês nascidos em diferentes estações do ano Histological evaluation of Santa Ines sheep testicles born in different seasons

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Concepta McManus

    2010-02-01

    Full Text Available Foram analisados quatro grupos de ovinos machos da raça Santa Inês nascidos em quatro estações do ano, no Distrito Federal, a fim de observar as idades e o peso corporal em que estes atingiram a puberdade. A partir dos cortes histológicos dos testículos, foram analisados parâmetros celulares e mensurações dos túbulos seminíferos. O efeito da data de nascimento sobre os parâmetros avaliados foi significativo (PFour groups of Santa Inês male sheep born in four seasons in the Distrito Federal were analyzed to evaluate the age and body weight at puberty, at which point were castrated. Histological measurements were carried out on the testicles to evaluate cellular parameters and size measurements of the seminiferous tubules. The effect of the group on cellular parameters was significant (P<0.01. Animals born in the dry season were more precocious than the others, but showed the worst histological profile of the testis. The histological traits of the testis of the Santa Inês rams were influenced by the season. The end of the rainy season was shown to the best season for births of sheep in the Central region of Brazil, with histological testicular traits at puberty being superior to the other groups.

  14. Uso de bovinos e de ovinos como agentes de controle da vegetação nativa sob três populações de eucalipto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre Costa Varella

    1999-02-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar cinco sistemas de controle da vegetação nativa e os danos provocados por bovinos e ovinos em três populações de eucalipto. O delineamento experimental foi em parcelas subdivididas, com dois blocos completos. Os tratamentos foram: a três densidades de Eucalyptus saligna Smith. (204, 400 e 816 árvores/ha nas parcelas principais e b cinco sistemas de controle da vegetação nativa (sem controle, herbicida pré-emergente, herbicidas pré e pós-emergentes, pastejo com bovinos e com ovinos nas subparcelas. O pastejo com bovinos ou ovinos foi mais eficiente na redução da vegetação nativa que nos demais tratamentos. Os bovinos danificaram mais as árvores que os ovinos. Existe estreita relação entre a altura das mudas de eucalipto e os danos causados pelos bovinos e ovinos no momento da introdução destes animais no sub-bosque.

  15. Desempenho, características de carcaça e parâmetros sanguíneos em ovinos Santa Inês suplementados com Crambe abyssinica

    OpenAIRE

    Sousa, Vandenilce Sandra de

    2014-01-01

    No Brasil cerca de 80 % da produção de biodiesel são oriundos da extração dos grãos de soja, porém, grande variedade de oleaginosas apresenta potencial para a produção de biocombustíveis. Com a adição de 5% do biodiesel no diesel utilizado como combustível no Brasil, a produção de tortas e farelos aumentaram substancialmente. Esse co-produto advindo da indústria do biodiesel pode agregar valores na criação de ovinos. No presente trabalho foram investigados os efeitos da suplementação de farel...

  16. Defeitos congênitos diagnosticados em ruminantes na Região Sul do Rio Grande do Sul Congenital defects in ruminants in southern Brazil.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Clairton Marcolongo-Pereira

    2010-10-01

    Full Text Available Foi realizado um estudo dos defeitos congênitas diagnosticados em bovinos, ovinos e bubalinos mediante revisão dos protocolos de necropsia do Laboratório Regional de Diagnóstico da Faculdade de Veterinária da Universidade Federal de Pelotas entre 1978 e 2009. A ocorrência de defeitos congênitos em bovinos, ovinos e bubalinos representou 0,88%, 0,36% e 7,54% respectivamente, de todos os materiais dessas espécies recebidos. Em bovinos os defeitos esporádicos representaram 45,83% dos diagnósticos, os hereditários 6,25%, os provavelmente hereditários 29,16% e os ambientais ou provavelmente ambientais 16,66%. Dos 48 casos de defeitos congênitos diagnosticados em bovinos 21 (43,75% afetaram o sistema esquelético (condrodisplasia, escoliose, desvio lateral da mandíbula, fenda palatina e malformação não classificada, nove (18,75% o sistema nervoso central (hipoplasia dos lobos frontais e olfatórios, degeneração cerebelar cortical, espinha bífida, hipomielinogênese congênita, hipermetria hereditária, hipoplasia cerebelar e paquigiria, nove (18,75% o sistema muscular (artrogripose, três (6,25% o sistema cardiovascular (persistência do ducto arterioso e malformação não classificada, um (2,08% o sistema linfático (hipoplasia linfática, um (2,08% o sistema gastrintestinal (atresia anal, e, um (2,08% o olho (catarata congênita. Em cinco casos (10,41% vários sistemas estavam afetados (diprosopo. Em bovinos foram diagnosticadas diversas doenças hereditárias (hipermetria hereditária, artrogripose, hipoplasia linfática ou suspeitas de serem hereditárias (condrodisplasia. Ocorreram, também, com menor freqüência, defeitos congênitos de origem ambiental (hipomielinogenese, por carência de cobre ou possivelmente ambiental (fenda palatina, hipoplasia cerebelar, degeneração cerebelar cortical. Todos os casos de defeitos congênitos observados em ovinos (gêmeos anômalos e aprosopia afetaram vários sistemas e eram espor

  17. Fermentação ruminal e eficiência microbiana em bezerros holandeses alimentados com dietas contendo diferentes níveis de concentrado Ruminal fermentation and microbial efficiency in Holstein calves fed diets with different concentrate levels

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Peter Johann Bürger

    2000-02-01

    Full Text Available RESUMO - Este trabalho foi realizado para avaliar os efeitos de diferentes níveis de concentrado sobre os parâmetros da fermentação ruminal, as digestibilidades aparente, total, ruminal e intestinal de N, a eficiência microbiana e o balanço de N. Cinco bezerros holandeses, inteiros, fistulados no rúmen e abomaso, com idade média inicial de 5,8±0,7 meses e 107,4±11,0 kg PV médio inicial, foram distribuídos em quadrado latino 5x5 (tratamento x período. Os animais foram alojados em baias individuais e alimentados à vontade com dietas contendo 30,0; 45,0; 60;0; 75,0; e 90,0% de concentrado, com base na MS, em rações contendo como volumoso, o feno de capim coast-cross e no concentrado, o farelo de soja, fubá de milho. Os valores de pH foram influenciados pelos níveis de concentrado das rações, e , 11,3 horas após a alimentação, foram estimandos os valores mínimos de 6,10; 5,89; 5,67; 5,46; e 5,24, para as rações com níveis de 30,0; 45,0; 60,0; 75,0; e 90,0%de concentrado nas rações, respectivamente. A concentração de amônia ruminal reduziu linearmente, em função dos tempos pós-alimentação, apresentando comportamento quadrático, com valores mínimos de 6,84; 7,14; 7,63; 7,82; 8,09; e 8,00 mg/dL, para 86,31; 84,86; 83,41; 81,95; 77,59; e 68,86% de concentrado nas rações. O numero de protozoários ruminais reduziu linearmente com o aumento dos níveis de concentrado nas rações. A eficiência de síntese de compostos nitrogenados microbianos aumentou linearmente com os níveis de concentrado nas rações.ABSTRACT - This work was conducted to evaluate the effects of different concentrate levels on the parameters of at ruminal fermentation, the apparent, total, ruminal and intestinal N digestibilities, the microbial efficiency and the N balance. Five rumen and abomasum fistulated bull Holstein calves, with an initial average age of 5.8±0.7 months and initial average of 107.4±11.0 kg LW were allotted to a 5x5

  18. Diagnóstico de carência energética em bovinos por testes de metabolismo ruminal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pierre Castro Soares

    2006-02-01

    Full Text Available Ten yearling crossbred rumen-cannulated steers were randomly divided in two equal groups for studying some ruminal metabolism tests in cattle fed adequate or deficient diets on energy. The control group (C was fed a diet to gain 900 g/BW/d, while to the very deficient group (VD was given a diet with 30 % less than the maintenance level of dietary energy. On the 140th d ruminal fluid and urine samples were collected at the basal and in the 1st, 3rd, 6th, and 9th h after the morning feeding. The energy deficiency caused significant decrease in the ruminal levels of total volatile fatty acids (VFA, propionic and butyric acids, and ammonium, an increase in time of methilene blue reduction test (MBRT and decrease in the gas production in the glucose fermentation test (GFT; the urinary allantoin excretion rate (UAER was also lower. The deficiency caused an increased in the molar proportion of acetic acid. There was no diet effect on the ruminal fluid pH. There were high positive correlation between GFT and VFAs and ammonium, medium positive correlation between MBRT and VFAs, ammonium, GFT and UAER. All studied variables were able to detect changes in the ruminal metabolism in cattle fed energy deficient diet, but the rumen fluid pH. Nevertheless, as far as the feasibility is concerned the MBRT, followed by the GFT should be adopted to allow a rapid and sensible diagnosis of dietary energy deficiency.

  19. Consumo e fermentação ruminal de proteínas em função de suplementação alimentar energética e protéica em novilhos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Barbosa Natália Guarino Souza

    2001-01-01

    Full Text Available Objetivou-se analisar o efeito de suplementação energética sobre o consumo e a fermentação ruminal de proteínas em dois níveis de proteína dietética (6 e 20%. Quatro novilhos mestiços fistulados no rúmen foram utilizados em um quadrado latino e os tratamentos arranjados em um fatorial 2 × 2, em que as dietas testadas constituíram-se de: A. só feno; B. feno + 2,8 kg de farelo de soja; C. feno + 2,8 kg de fubá de milho; e D. feno + 2,8 kg de farelo de soja + 2,8 kg de fubá de milho. Foram realizados quatro períodos experimentais constituídos de 18 dias, sendo sete dias para adaptação dos animais, sete dias para determinação do consumo de matéria seca e quatro dias para coleta de amostras. As coletas foram feitas através de fístula ruminal nos tempos zero, dois, quatro e seis horas após a alimentação, sendo utilizadas para determinações das concentrações de amônia, pH e AGV do líquido ruminal. Não houve interações entre o fubá de milho e o farelo de soja, assim como não ocorreu efeito do tempo de coleta sobre os parâmetros estudados. O farelo de soja reduziu a relação acetato:propionato (A:P em 13%, aumentou o consumo de matéria seca total (CMSt em 41,2%, sem alterar o consumo de forragem e o pH, e aumentou as concentrações de amônia (790%, propionato (48%, AGV total (39%, isobutirato (165%, isovalerato (208% e valerato (201%. O fubá de milho não afetou a fermentação de proteína, embora tenha causado aumento no CMSt (35% e decréscimo no pH ruminal (6% e na relação A:P (18%.

  20. Composição centesimal e análise sensorial da carne de ovinos Morada Nova alimentados com dietas contendo melão em substituição ao milho Centesimal composition and sensorial analysis of Morada Nova lambs fed diets containing melon fruit in substitution of corn grain

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberto Germano Costa

    2011-12-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar a influência da adição de melão em substituição ao milho moído em dietas sobre a composição centesimal e análise sensorial da carne de ovinos da raça Morada Nova. Foram utilizados 20 animais da raça Morada Nova, machos não-castrados, com peso vivo médio inicial de 15 kg, distribuídos em delineamento inteiramente ao acaso para avaliação de quatro níveis (0, 30, 60 e 100% de inclusão de melão em substituição ao milho moído, cada um avaliado com cinco repetições. Para determinar a composição centesimal da carne, utilizou-se o músculo semimembranosus. Com o músculo longissimus dorsi, procedeu-se à análise sensorial quantificando, por intermédio de notas, os atributos de sabor, odor, suculência, maciez e aparência global. As análises dos dados não apresentaram diferenças significativas para a composição centesimal (umidade, proteína, lipídio e matéria mineral. Na análise sensorial, a suculência apresentou comportamento quadrático, com ponto de máximo de 5,18, e as demais qualidades organolépticas (odor, sabor, maciez e aparência global não foram influenciadas pela inclusão de melão em substituição ao milho nas dietas. A utilização de melão em substituição ao milho em dietas para ovinos Morada Nova não afeta as principais qualidades organolépticas da carne.The objective of this trial was to evaluate the influence of the addition of melon fruit replacing ground corn in diets on the centesimal composition and sensory analysis of meat from Morada Nova lambs. Twenty Morada Nova males with average weight of 15 kg were distributed in a completely randomized design with four increasing levels (0, 30, 60 and 100% of melon in substitution of ground corn, each one with five replications. To determine the chemical composition of meat, the semimembranosus muscle was used. With the muscle longissimus dorsi sensory analysis, the attributes of taste, odor, juiciness, softness and

  1. Intoxicações por plantas em ruminantes e equídeos na região central de Rondônia Plant poisonings in ruminants and equidae in central region of Rondônia state, Northern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandro Vargas Schons

    2012-07-01

    Full Text Available Foi realizado um levantamento em 12 municípios da região central de Rondônia sobre a presença de plantas tóxicas e ocorrência de surtos de intoxicação em ruminantes e equídeos. O trabalho foi desenvolvido mediante a utilização de um questionário aplicado a médicos veterinários, agrônomos, zootecnistas e produtores rurais, com o objetivo de identificar as principais plantas tóxicas que ocorrem na região. Trinta e quatro entrevistados relataram casos de intoxicação por uma ou mais plantas comprovadamente tóxicas como: Palicourea marcgravii (12 surtos, Palicourea grandiflora e Enterolobium contortisiliquum (sete surtos cada e Palicourea juruana, Brachiaria radicans, Brachiaria brizantha e Manihot esculenta (dois surtos cada. Em ovinos, foram relatados dois surtos de fotossensiblização por Brachiaria decumbens e um surto de mortalidade por Palicourea grandiflora. Dos 34 surtos relatados em bovinos pelos entrevistados, 374 (8,9% animais foram afetados e 311 (7,4% morreram, de um total de 4.192 de ambos os sexos sob risco. De um total de 250 ovinos sob risco, três surtos de intoxicação por plantas foram relatados e afetaram 28 animais, dos quais 20 morreram. Amorimia sp., previamente desconhecida como tóxica, foi identificada como causa de morte súbita em 32% das propriedades. Quinze surtos de cólica em equídeos que pastavam cultivares de Panicum maximum ('Massai', 'Tanzânia' e 'Mombaça' durante o período das chuvas foram, também, observados. Os resultados do presente trabalho demonstram a importância significativa das intoxicações por plantas como causa de perdas econômicas para a pecuária da região central do Estado de Rondônia. Com a realização deste trabalho, o número de plantas tóxicas para ruminantes com a confirmação de ocorrência de surtos com mortalidade na região passou de um para nove, o que confirma que um trabalho sistemático de investigação é necessário para o conhecimento da import

  2. Técnica venográfica contrastada in vivo dos dígitos de ovinos e caprinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    I.F.C. Santos

    2015-12-01

    Full Text Available Foram utilizados 10 membros torácicos e pélvicos de ovinos e caprinos hígidos, de raça e sexo variados, com idade entre dois e quatro anos e peso corpóreo médio de 53kg. A porção distal dos membros torácicos e pélvicos foi submetida à técnica venográfica contrastada e à contagem vascular venosa da mesma região, em ambas as espécies. Não foram observadas diferenças numéricas em relação às veias entre machos e fêmeas, nem entre os membros direito e esquerdo da mesma espécie. Os ovinos possuem maior número de veias em relação aos caprinos. A técnica venográfica distal anterógrada de ambos os membros em ovinos e caprinos se mostrou aplicável revelando a vasculatura distal e podal, a comunicação entre os vasos venosos e a quantidade dos vasos presentes na região.

  3. Importance of interrelation carbohydrate and protein in diets of ruminants/ Importância da inter-relação carboidrato e proteína em dietas de ruminantes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andréa Pereira Pinto

    2005-06-01

    Full Text Available This literature review had as objective to relate the importance of the carbohydrate and protein synchronization in ruminant diets. The nutritional requirements systems to ruminant that give support to the diets formulations, require that the feeds commonly used in the feeding are fractional for best characterize them. Along the years there was considerable progress in the ruminant nutrition, but that progress, most of the time, was based on empiric determinations that not respected the multiple microbial interrelations and they considered the ruminal ecosystem are very complex and not understood.Esta revisão de literatura teve como objetivo relacionar a importância da sincronização de carboidratos e proteínas em dietas de ruminantes, pois os sistemas de exigências nutricionais de ruminantes que dão suporte às formulações de rações exigem que os alimentos comumente utilizados na alimentação sejam fracionados no sentido de melhor caracterizá-los. Ao longo dos anos houve considerável avanço na nutrição dos ruminantes, mas esse progresso, na maioria das vezes, foi baseado em determinações empíricas que desconsideravam as múltiplas inter-relações microbianas e consideravam o ecossistema ruminal muito complexo e não compreendido.

  4. INFLUÊNCIA DO PLEOMORFISMO GENÉTICO HEMOGLOBÍNICO NA PRODUÇÃO E QUALIDADE DE LÃ EM OVINOS DA RAÇA CORRIEDALE: DADOS PRELIMINARES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Carlos Ribeiro Fan

    1994-01-01

    Full Text Available RESUMO As características de lã de doze ovinos genótipo hemoglobínico AA, doze do genótipo AB e doze do genótipo BB foram analisadas preliminarmente por técnicos da Cooperativa de Lã de São Gabriel, RS. Neste estudo inicial constatou-se que a lã de nove animais portadores do genótipo hemoglobínico AA foi classificada como Supra e Especial de excelente qualidade, enquanto sete animais do genótipo AB apresentaram a mesma classificação. Apenas quatro animais do genótipo BB repetiram os mesmos achados. Pela análise do Departamento de Zootecnia da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM constatou-se que o rendimento, caráter, suavidade, qualidade, medulação e cor após a lavagem da lã foi melhor nos animais de genótipos AB e BB. Todos esses achados não tiveram uma diferença estatisticamente significativa, o que leva a concluir que estudos devem ser feitos nesse sentido, abrindo espaços consideráveis para novas pesquisas.

  5. Plantas que causam alterações mecânicas ou traumáticas em ruminantes e equinos, com ênfase em Stipa spp. (Gramineae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Beatriz Riet-Correa

    2011-06-01

    Full Text Available Várias plantas podem provocar algum tipo de injúria mecânica. Entre elas as que causam traumatismo da pele ou mucosas, e as que causam alterações do sistema digestório, incluindo obstrução esofágica, sobrecarga ruminal e obstrução intestinal. Neste trabalho são revisadas algumas plantas que causam essas alterações e é descrito um surto de injúria mecânica causada por Stipa spp. (flechilha em ovinos no Uruguai. Os animais, principalmente os cordeiros, apresentavam grande quantidade dos frutos de flechilha incrustadas na lã e alguns desses se introduziam na pele, panículo adiposo e músculo cutâneo do tronco causando dermatite e paniculite multifocal difusa.

  6. Intoxicações por plantas diagnosticadas em ruminantes e equinos e estimativa das perdas econômicas na Paraíba Plant poisonings diagnosed in ruminants and horses and estimation of the economical losses in Paraíba

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tales S. Assis

    2010-01-01

    intoxicação por Crotalaria retusa em bovinos, Brachiaria spp. em ovinos, Prosopis juliflora em bovinos e caprinos, Nerium oleander em bovinos, Opuntia ficus-indica em caprinos e Turbina cordata em equinos e caprinos.ABSTRACT This paper reports plant poisonings in ruminants and horses, diagnosed between 2000 and 2007, in the Veterinary Pathology Laboratory at the Federal University of Campina Grande, in the city of Patos, state of Paraíba. In cattle, 7.4% of the diseases diagnosed were caused by poisonous plants. Outbreaks were caused by Centhraterum brachylepis (1, Brachiaria spp. (1, Crotalaria retusa (2, Ipomoea batatas (1, Marsdenia sp. (1, grass containing nitrites (3 outbreaks, 1 by Echinochloa polystachya and 2 by Pennisetum purpureum, Palicourea aeneofusca (1, Prosopis juliflora (3, Nerium oleander (1, and Mimosa tenuiflora (7. In sheep, 13% of the diseases diagnosed were caused by toxic plants. Four outbreaks were caused by Ipomoea asarifolia, 3 by Brachiaria spp., 2 by Crotalaria retusa, 2 by Tephrosia cinerea, 1 by Panicum dichotomiflorum, 1 by Mascagnia rigida, and 20 by Mimosa tenuiflora. In goats, 6.4% of the diseases were caused by toxic plants. Seven outbreaks were caused by Mimosa tenuiflora, 1 by Ipomoea asarifolia, 1 by Ipomoea carnea, 1 by Ipomoea riedelli, 3 by Prosopis juliflora, 1 by Arrabidaea corallina, 2 by Aspidosperma pyrifolium, and 2 by Turbina cordata. In horses, 14% of the diagnosed diseases were due to plants poisonings including 12 outbreaks caused by Crotalaria retusa and one by Turbina cordata. Annual losses in the state of Paraíba by deaths of livestock are estimated in 3,895 cattle, 8,374 sheep, 6,390 goats, and 366 horses, which represent about US$ 1,380,000. Epidemiologic, clinical and pathologic aspects of poisonings by Crotalaria retusa in cattle, Brachiaria spp. in sheep, Prosopis juliflora in cattle and goats, Nerium oleander in cattle, Opuntia ficus-indica in goats, and Turbina cordata in horses and goats are reported.

  7. Eco-epidemiologia de Haemonchus contortus bahienses, ecotipo presente en ovinos de zonas aridas de Venezuela Eco-epidemiologia de Haemonchus contortus bahiensis, ecotipo presente em ovinos de zonas áridas da Venezuela Ecoepidemiology of Haemonchus contortus bahiensis: ecotype present in sheep of Venezuelan arid zone

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo Morales

    1987-09-01

    Full Text Available Haemonchus contortus bahiensis Grisi, 1974 parasita a los ovinos de zonas áridas de Venezuela. En las hembras de dicho ecotipo la distribución de frecuencias por nosotros observada fue de un 15,32% para el morfotipo con lengüeta supravulvar, de un 51,61% para el botonado y de un 33,07% para el liso. Correspondiéndole a dicho ecotipo un índice de diversidad de Shannon-Weaver de 1,44 bits. Las medidas corporales, el tamaño de los huevos y el symlophe son similares en los tres morfotipos. La disposición espacial tanto de los machos como de las hembras en el seno de la población de hospedadores es de tipo contagiosa siendo bien descrita por el parámetro K de la distibución binominal negativa. Se evidenció la existencia de una compleja interacción entre la abundancia, la agregación y la prevalencia de dicho ecotipo y se discute su importancia sobre el equilibrio hospedador-parásito.Nas fêmesas do dito ecotipo a distribuição de freqüência observada foi de 15,32% para o morfotipo com lingueta supra-vulvar, de 51,61% para o tipo com botão vulvare de 33,07% para o tipo liso. A esse ecotipo corresponde um índice de diversidade de Shannon-Weaver igual a 1,44 bits. As medidas corporais, o tamanho dos ovos e o número de estrias cuticulares longitudinais são semelhantes nos três morfotipos. A disposição espacial, tanto dos machos quanto das fêmeas na população de hospedeiros é do tipo contagiosa, sendo bem descrita pelo parâmetro K da distribuição binomial negativa. Se verificou a existência de uma complexa interação entre a abundância, a agregação e a prevalência do citado ecotipo, discutindo-se sua importância no equilíbrio hospedeiro-parasito.The frequency distribution of female Haemonchus contortus bahiensis Grisi, 1974 in sheep from Venezuelan arid zones is 15.32% for the type with vulvar flap, 51.6% for the vulvar-knob and 33.07% for smooth type. A Shannon-Weaver diversity index corresponding to 1.44 bits was

  8. Produção e contaminação por helmintos parasitos de ovinos, em forrageiras de diferentes hábitos de crescimento - DOI: 10.4025/actascianimsci.v26i3.1824 Production and contamination by sheep parasites helminths in different growth habits grasses - DOI: 10.4025/actascianimsci.v26i3.1824

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marilice Zundt

    2004-04-01

    Full Text Available O experimento foi realizado no Centro de Pesquisa do Arenito, Cidade Gaúcha, Paraná, pertencente à Universidade Estadual de Maringá, Estado do Paraná, nos períodos de verão e inverno. Foram utilizadas 60 ovelhas ½ Bergamácia ½ Corriedale, distribuídas em delineamento inteiramente casualizado em três piquetes de um hectare cada, formados por gramíneas de diferentes hábitos de crescimento: Pensacola (Paspalum notatum, Coast cross (Cynodon dactylon e Tanzânia (Panicum maximum cv. Tanzânia. O objetivo foi determinar o comportamento de larvas infectantes de endoparasitos de ovinos, no terço superior de gramíneas, ao longo do dia, bem como a disponibilidade de matéria seca das mesmas. Não houve diferença quanto ao comportamento das larvas nas pastagens entre os períodos de verão e inverno e entre as espécies forrageiras. Entretanto, obteve-se resposta linear decrescente do número de larvas no terço superior das plantas em função do período de insolação. Provavelmente houve migração das larvas para as partes mais baixas das plantas ao longo do dia, orientando, assim, a entrada dos ovinos nos piquetes nos horários de maior incidência solar. Não houve diferença na disponibilidade de matéria seca entre os períodos, porém, o Pensacola apresentou menor disponibilidade no inverno (1551 vs 1259kg MS/ha. Todas as forrageiras apresentaram menor teor de proteína bruta no inverno.The experiment was carried out during summer and winter seasons at Centro de Pesquisa do Arenito (Arenito Research Center from Universidade Estadual de Maringá (State University of Maringá in Cidade Gaúcha, Paraná, Brazil. Sixty ½ Bergamacia ½ Corriedale ewes were distributed randomly, allocated in three plots of one hectare each, with grasses of different growth habits: Paspalum notatum, Cynodon dactylon and Panicum maximum. The objective of this research was to evaluate the behavior of infective larvae of ewes in the superior third of the

  9. Comparison of indirect ELISA based on recombinant protein NcSRS2 and IFAT for detection of Neospora caninum antibodies in sheep Comparação entre ELISA baseado no antígeno recombinante NcSRS2 e RIFI para detecção de anticorpos de Neospora caninum em ovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renato Andreotti

    2009-06-01

    Full Text Available Neospora caninum, an Apicomplexan parasite that can causes abortion, is responsible for considerable economic and reproductive losses in livestock. The purpose of the present study was to determine whether recombinant NcSRS2 is a suitable indirect ELISA antigen for determining specific immune response to N. caninum in sheep. A total of 441 serum samples were subjected to IFAT and rNcSRS2 based-ELISA, with both tests performing similarly. The sensitivity and specificity of indirect ELISA were 98.6 and 98.3%, respectively. The kappa index shows 0.98 concordance between the two tests, which is considered excellent. Seroprevalences of 30.8 and 32.0% were detected by IFAT and indirect ELISA, respectively, showing these tests did not differ significantly on this measure (p > 0.05. Serological analysis showed that HisG tag was detected by Western Blotting recognizing rNcSRS2 protein. The potential value of rNcSRS2-based ELISA as a highly specific and sensitive tool for serological diagnosis is also supported by the strong agreement found between IFAT and ELISA. The results support the potential use of recombinant protein NcSRS2 as an antigen in indirect ELISA in sheep.Neospora caninum é um parasito Apicomplexa que pode causar abortos e é reconhecido como agente importante responsável por perdas econômicas e reprodutivas. Este estudo avaliou a proteína recombinante NcSRS2 como antígeno para ELISA indireto na determinação de resposta imune para N. caninum em ovinos. 441 amostras de soro foram analisadas por IFAT e ELISA indireto com rNcSRS2 e ambos os testes revelaram comportamento similar. A sensibilidade e especificidade de ELISA indireto foram 98,6 e 98,3%, respectivamente. O índice kappa mostrou uma concordância entre os dois testes com valor de 0,98, que é considerado excelente. Prevalências de 30,8 e 32,0% detectadas por IFAT e ELISA indireto, respectivamente, mostraram que os testes não diferiram significativamente nesse aspecto (P

  10. Substituição do Milho pela Farinha de Mandioca de Varredura em Dietas de Cabras em Lactação: Fermentação Ruminal e Concentrações de Uréia Plasmática e no Leite Replacement of Corn by Cassava By-Product Meal in the Lactating Goat Diets: Effects on Diet Degradability, Ruminal Fermentation and Plasma and Milk Urea Concentrations

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gisele Fernanda Mouro

    2002-07-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da substituição do milho pela farinha de mandioca de varredura, em dietas de cabras Saanen em lactação, sobre a degradabilidade potencial, efetiva e efetiva corrigida das rações, bem como sobre o pH ruminal e as concentrações de amônia ruminal, uréia plasmática e uréia no leite em cabras em lactação. Foram utilizadas quatro cabras há 100 dias em lactação. O delineamento utilizado foi o quadrado latino 4 x4, em que os tratamentos consistiram em níveis de 0, 33, 67 e 100% de substituição do milho pela farinha de mandiocade varredura. A degradabilidade das rações experimentais foi determinada em bovinos pela técnica in situ. Apesar de a degradabilidade potencial das dietas experimentais ter tido pequena variação para MS, PB e amido, a degradabilidade efetiva e a degradabilidade efetiva corrigida da MS, da PB e do amido aumentaram com a substituição do milho pela farinha de varredura de mandioca. Os tratamentos não influenciaram o pH ruminal, bem como as concentrações de NH3-ruminal, uréia plasmática e uréia do leite. Houve correlação positiva (PThe objectives of this work were to evaluate effects of replacing corn by cassava by-product meal, in diets of Saanen lactating goats, on potencial, effective and corrected effective degradability of diets with steers, and on ruminal pH and ruminal ammonia, plasma urea nitrogen (PUN and milk urea nitrogen (MUN concentrations in lactating goats. Two steers and four multiparous goats fitted with ruminal cannula and 100 days in milking were used. The design was a 4 x 4 Latin square and treatments as following: 0, 33, 67 and 100% replacement of corn by cassava by-product meal. Rations degradability was determined using in situ technique. Potential degradability of experimental diets showed small variation for dry matter (DM, crude protein (CP and starch (S but effective and corrected effective degradability increased as corn was

  11. Sorovares de leptospiras predominantes em exames sorológicos de bubalinos, ovinos, caprinos, eqüinos, suínos e cães de diversos estados brasileiros Most frequent serovars of leptospires in serological tests of buffaloes, sheeps, goats, horses, swines and dogs from several brazilian states

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andrea Cecília Mercaldi Favero

    2002-08-01

    Full Text Available Em estudo retrospectivo abrangendo os anos de 1984 a 1997, foram realizados 15.558 exames sorológicos para leptospirose (SAM, com coleção de 24 sorovares, que incluíram: 284 ovinos, 879 bubalinos, 983 cães, 1.941 caprinos, 2.903 eqüinos e 8.568 suínos, distribuídos percentualmente por estado da seguinte forma: ovinos - SP (100%; bubalinos - SP (100%; cães - SP (80,7%, RS (0,10%, SC (0,10% e PI (19,0%; caprinos - SP (33,1%, PB (63,7% e CE (3,2%; eqüinos - SP (79,3%, RS (9,98%, SC (0,62%, PR (2,5%, RJ (0,17%, MG (1,96%, MT (3,99%, PB (1,3% e PI (0,03%; suínos - SP (61,91%, RS (0,3%, SC (5,95%, PR (3,67%, RJ (0,88%, MG (24,38%, GO (1,12%, SE (0,2%, PE (0,90%, CE (0,34% e MA (0,1%. A distribuição temporal dos animais examinados incluiu: para a espécie ovina - 54,5% referentes aos anos 1996 e 97, 33,3% referentes a 89 e 90 e 12,2% aos outros anos; espécie bubalina - 21,7% no intervalo de 1984 a 95 e 78,83% entre 96 e 97; espécie canina - 16,91% entre 1984 e 92 e 83,09% entre 1993 e 97; caprinos - 6,97% entre 1984 e 91 e 93,09% entre 1992 e 97, sendo que 49% das amostras foram referentes ao ano de 1992; eqüinos - 18,1% no intervalo de 84 a 90 e 81,9% de1991 a 97; suínos - 61,16% referentes aos anos 90, 91, 95 e 96. As médias de animais reatores e variantes mais freqüentes por espécie foram: ovinos - 0,70% de soropositividade e reações mais freqüentes para a variante icterohaemorrhagiae; bubalinos - 43,7% de positivos e variantes hardjo seguida de pomona; cães - soropositividade de 17,7% e reações para as variantes copenhageni e icterohaemorrhagiae no estado de SP e pyrogenes no PI; caprinos - 4,17% de positividade e variantes icterohaemorrhagiae e grippotyphosa no CE, icterohaemorrhagiae na PB e pyrogenes em SP; eqüinos - 29% de soros positivos e variantes icterohaemorrhagiae no PR, SC, SP, RJ e MG, grippotyphosa no MT, pyrogenes na PB e patoc no RS; suínos - soropositividade de 24,46% e grippotyphosa seguida de

  12. Compactação ruminal e obstrução intestinal em bovinos, associadas ao consumo de Agave sisalana Perrine (Agavaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eduardo M. Nascimento

    Full Text Available Resumo: A compactação dos pré-estômagos é um transtorno digestivo resultante da ingestão de forragem de baixa qualidade, rico em lignina e com baixos níveis de energia e proteína digerível, associada ou não a restrição hídrica. O acúmulo de vegetais ricos em fibras indigeríveis pode levar também a formação de fitobezoares, causando transtornos digestivos e obstruções intestinais. Objetivou-se com este trabalho descrever os aspectos epidemiológicos e as alterações clínico-patológicas de um surto de alterações digestórias em bovinos alimentados com Agave sisalana. O rebanho acometido era formado por 22 animais adultos, criados de forma semiextensiva, que, devido a escassez de forragem, receberam no cocho, quase que exclusivamente, durante dois meses, o caule do A. sisalana cortado manualmente. Seis vacas apresentaram diminuição do apetite, distensão abdominal, redução dos períodos de ruminação e da produção de fezes. Um animal foi encaminhado ao Hospital Veterinário da Universidade Federal de Campina Grande. O diagnóstico presuntivo de compactação ruminal e obstrução intestinal foi dado pela epidemiologia, sinais clínicos e análise de fluido ruminal. Na necropsia observou-se rúmen, retículo e omaso repletos, com conteúdo fibroso e ressecado constituído por fibras de A. sisalana. No abomaso observou-se a presença de conteúdo pastoso e esverdeado a acastanhado. Em todos os pré-estômagos e no abomaso havia fitobezoares, que mediam entre 4 e 12 cm de diâmetro. No duodeno um fitobezoar obstruía parcialmente a luz do órgão, com a porção anterior repleta de conteúdo e a posterior vazia. Conclui-se que a alimentação com caules de A. sisalana por longos períodos causa compactação de pre-estômagos e formação de fitobezoares.

  13. Ruminal degradability and carbohydrates and proteins fractioning of triticale silages in singular culture or in mixtures with oat and/or legumesDegradabilidade ruminal e fracionamento de carboidratos e proteínas em silagens de triticale em cultivo singular ou em misturas com aveia e/ou leguminosas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Moysés Calixto Junior

    2011-07-01

    Full Text Available It was aimed to evaluate the ruminal degradability, and the fractioning of carbohydrates, as well as of the nitrogen fractions of triticale silages in singular culture or in mixtures with oats and/or legumes. The treatments had been: triticale silage (X. Triticosecale Wittimack (ST; triticale silage + forage pea (Pisum arvense (STE; triticale silage + oats (Avena strigosa Scheb + forage pea + vetch (Vicia sativa (STAE. Three castrated bovine Prim’Holstein males had been used, with average live weight of 300 kg, having ruminal cannulas. The incubation times had duration of 0, 6, 12, 24, 48, 72 and 96 hours. Fractions, a, c and ED of the DM of STAE silage was higher (30,33; 0,026 and 45,45% than others silages. Fraction b of the DM of ST silage was higher (58,45% than STE silages (45,36% and STAE (44,37%. In CP the ST silage presented higher fraction (72.12%. For the potentially degradability fraction (b of CP it was not observed difference among treatments. The degradation rate (c of the CP was higher for STE silage (0.063% than ST ensilage (0,012%, however this was similar to the STAE (0,045%. ED of CP was better for STE silage (77,71%. ST silage presented fraction a and b for NDF highest (8,62 and 81,99% than others silages. The degradation rate (c of NDF was higher for STAE (0,027%. ED for NDF did not present difference among treatments. ST silage presented the best values for the total carbohydrates (83,97% than STE (79,87% and STAE silages (76,77%. STE and STAE silages presented better DM degradability and suggest to be a potential source of non degradable protein in the rumen. The exclusive triticale silage revealed superior with regard to the degradability of fiber fraction, also presenting higher amount of total carbohydrates potentially degraded.O objetivo desse trabalho foi avaliar a degradabilidade ruminal, e o fracionamento de carboidratos, assim como das frações nitrogenadas das silagens de triticale em plantio singular ou em

  14. RESISTÊNCIA ANTI-HELMÍNTICA EM REBANHOS OVINOS DA REGIÃO DA ASSOCIAÇÃO DOS MUNICÍPIOS DO ALTO IRANI (AMAI, OESTE DE SANTA CATARINA ANTHELMINTIC RESISTANCE ON SHEEP FLOCKS FROM ASSOCIATION OF THE MUNICIPALITIES OF THE ALTO IRANI REGION (AMAI, WEST OF SANTA CATARINA STATE, BRAZIL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ingrid Kelly Zanchet

    2007-09-01

    Full Text Available

    Para conhecer a situação da resistência anti-hel-míntica em ovinos de propriedades localizadas nos mu-nicípios da Associação dos Municípios do Alto Irani (AMAI, oeste de Santa Catarina, Brasil, foram avalia-dos nove rebanhos pelo teste de redução da OPG (ovos por grama de fezes. Este teste consiste na comparação da média da OPG de um grupo de animais quatorze dias após o tratamento com a média de um grupo controle não-medicado. Consideraram-se efetivas as drogas capazes de reduzir a OPG em 95%. Os princípios ativos utilizados foram: levamisol (7,5 mg/kg, closantel (7,5 mg/Kg, al-bendazol (10 e 5 mg/Kg, ivermectin e moxidectin (0,2 mg/Kg. Detectou-se resistência dos nematódeos gastrin-testinais a todos os grupos anti-helmínticos testados, sen-do que 100% das propriedades apresentam resistência ao ivermectin; 66,7% ao moxidectin, 44,4% ao levamisol e 75% aos benzimidazóis. Para as lactonas macrocíclicas e benzimidazóis, tanto o gênero Haemonchus sp. quanto Trichostrongylus sp. apresentaram resistência. Para o le-vamisol, a resistência está restrita a Trichostrongylus sp. Também foi detectada a presença de uma população de Haemonchus sp. resistente ao closantel e uma de Nema-todirus sp. resistente ao albendazol. Estes dados mostram a urgência de difundir medidas de controle integrado de parasitoses, visando prolongar a vida  útil dos princípios ativos ainda disponíveis para uso.

    PALAVRAS-CHAVES: Ovinos, resistência anti-helmíntica, Santa Catarina.

    In order to know the situation of the anthelmintic resistance in sheep farms in the municipalities of Asso-ciation of the municipalities of the High Irani Region - AMAI, West of Santa Catarina State, Brazil, nine flocks were submitted to the faecal egg counts reduction test (FECRT. This test consists in comparing the mean FEC of a group of sheep, 14 days after treatment with the mean FEC of a non-treated control group. Only drugs that could

  15. Changes in ruminal fermentation and mineral serum level in animals kept in high temperature environments Mudança na fermentação ruminal do alimento e na concentração sérica de minerais em animais mantidos em ambientes de alta temperatura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia Saladini Vieira Salles

    2010-04-01

    Full Text Available In order to evaluate the effect of environmental temperature on ruminal fermentation and on mineral levels of growing ruminants, it was used 12 male calves (initial average weight 82.9 ± 7.7 kg, 100 days of age, were employed in a randomized block design (by weight experiment, with repeated weight measurement and two environmental temperatures: thermoneutral (24ºC and heat-stressed (33ºC, during 38 days. The animals exposed to 33ºC presented lower dry matter ingestion, lower T3 (triiodothyronine serum level, higher ammoniacal nitrogen (NH3-N level in the rumen liquid, and higher rectal and body temperatures during all the experimental period when compared to the animals kept in thermoneutral environment (24ºC. The animals kept under heat stress environment (33ºC presented higher calcium serum level, which was the highest on 31st day and the lowest on the 38th day of the experiment; phosphorus level was the lowest during all the experimental period; sodium level was lower on the 17th, 31st and 38th experimental days. Potassium and zinc levels were lower after 24 days; copper level was lower until the 24th day; magnesium level was higher until the 17th day, if compared to the ones from the animals kept in thermoneutral environment (24ºC. The heat-stressed animals presented higher levels of ammoniacal nitrogen in the ruminal liquid and a decrease in the phosphorus, sodium, potassium and zinc serum levels. These results show the necessity of changes on feed management to ruminants in temperatures over the thermal comfort limits so that performance loss is decreased.Para verificar o efeito da temperatura ambiente na fermentação ruminal do alimento e nas concentrações de minerais em bovinos em crescimento, foram utilizados 12 bezerros machos (peso médio inicial de 82,9 ± 7,7 kg com 100 dias de idade, durante 38 dias, em delineamento experimental de blocos ao acaso, com medidas repetidas no tempo e duas temperaturas ambiente: ambiente

  16. Consumo, digestibilidade aparente de nutrientes e disponibilidade de minerais em ovinos, em função de diferentes níveis de cama de frango na dieta Intake, apparent digestibility of nutrients and availability of minerals in sheep as a function of different levels of poultry litter in the diet

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo Vidal Oliveira

    2004-08-01

    Full Text Available Foram confinados 20 ovinos em gaiolas metálicas, durante 15 dias, com o objetivo de determinar os efeitos de diferentes níveis de cama de frango sobre o consumo e a digestibilidade de nutrientes, o balanço de nitrogênio e a disponibilidade aparente dos macrominerais. Os animais foram distribuídos em quatro tratamentos em delineamento em blocos casualizados, com cinco repetições. O volumoso foi composto de feno de capim-tifton 85 (Cynodon spp e a cama de frango, constituída de sabugo de milho triturado e casca de café, numa relação 1:1. As dietas foram isoprotéicas contendo quatro níveis de feno (80, 60, 40 e 20%, quatro níveis de cama de frango (0, 20, 40 e 60% e 20% de concentrado, na base da matéria natural. Os consumos de MS, MO, NDT, CHOT, CNE, PB e EE na dieta total não foram afetados pelos tratamentos, enquanto os consumos de FDN e FDA reduziram com o aumento do nível de cama de frango na dieta. Os coeficientes de digestibilidade do CHOT, CNE e EE elevaram de 59,7 para 64,6%, 88,5 para 93,2% e 1,5 para 30,2%, respectivamente, com o aumento do nível de cama de frango (de 0 para 60% da dieta. Os coeficientes de digestibilidade da MS e MO não sofreram efeito, com valores médios de 55,8 e 61,9%, e da FDN e PB diminuíram de 52,0 para 39,4% e 77,5 para 58,0%, respectivamente, com o aumento do nível de cama de frango de 0 para 60% da dieta. O balanço de nitrogênio passou de negativo para ligeiramente positivo, com a inclusão da cama de frango, embora tenha ocorrido alta excreção urinária de nitrogênio em todos os tratamentos. A cama de frango presente em 40 e 60% da dieta apresentou alta participação no suprimento de proteína bruta e magnésio, comparada ao volumoso, além de suprir mais de 100% dos requerimentos de Ca, P, Na e K dos animais. Entretanto, a disponibilidade aparente do Ca foi baixa e do P, negativa.Twenty sheep were allotted in metallic crates during 15 days, to determine the effects of different

  17. Ganho de peso vivo e fermentação ruminal em novilhos mantidos em pastagem cultivada de clima temperado e recebendo diferentes suplementos Live weight gain and ruminal fermentation by steers grazing cool-season grass pasture and given different supplements

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Magali Floriano da Silveira

    2006-06-01

    Full Text Available Foram conduzidos dois experimentos para avaliar o ganho de peso vivo (Experimento 1 e parâmetros da fermentação ruminal (Experimento 2 em quarenta novilhos cruzados Charolês e Nelore, mantidos em pastagem cultivada de inverno, por quatro horas diárias e não suplementados, ou por somente duas horas, mas suplementados (1% do peso vivo com silagem de planta inteira, silagem de grão úmido ou com grão seco de sorgo. Os animais alimentados somente com pastagem obtiveram os maiores ganhos de peso vivo (P0,05 pela suplementação, as de amônia e açúcares foram maiores nos animais mantidos somente com pastagem e nos suplementados com silagem de grão úmido, e menores nos animais suplementados com silagem de planta inteira ou com grão seco de sorgo (PTwo experiments to evaluate daily weight gain (Experiment 1 and ruminal fermentation parameters (Experiment 2 were carried out. Nelore and Charolais crossbreed steers grazing on cool-season pasture during four hours daily or during only two hours daily but supplemented (1% of live weight with sorghum whole plant silage, wet grain silage or dry grain were used. Animals fed only with pasture obtained the highest and, those supplemented with whole plant silage, the lowest daily weight gain (P0.05 by supplementation. Ammonia and sugar concentrations were higher by animals fed only with pasture or supplemented with sorghum wet grain silage and lower by those supplemented with whole plant silage or dry grain (P<0.05. Ruminal pH values were lower by animals supplemented with sorghum wet grain silage (P<0.05. Supplements did not improve weight gain of steers grazing cool-season pasture but ruminal fermentation varied through a day and was different among supplements. Results also indicate that, besides supplement type, synchrony between grazing and supplementation schedule may represent a conditioning factor to improve feed efficiency use by animals.

  18. Valor nutritivo do resíduo da indústria processadora de abacaxi (Ananas comosus L. em dietas para ovinos. 1. Consumo, digestibilidade aparente e balanços energético e nitrogenado Nutritive value of pineapple by-product (Ananas comosus L. in diets for sheep. 1. Intake, apparent digestibility, energetic and nitrogenous balance

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.C.P. Rogério

    2007-06-01

    Full Text Available O presente estudo foi conduzido para avaliar a influência da inclusão do resíduo do processamento de abacaxi (Ananas comosus L. nas dietas sobre os consumos (por unidade de tamanho metabólico - UTM e coeficientes de digestibilidade da matéria seca (MS, matéria orgânica (MO, proteína bruta (PB, extrato etéreo (EE, fibra detergente neutro (FDN, fibra detergente ácido (FDA, hemiceluloses (HCEL, celulose (CEL e energia de dietas experimentais isofibrosas e isoprotéicas. Avaliaram-se também os balanços nitrogenados e de energia dos animais. Vinte ovinos machos, inteiros receberam rações com quatro níveis de inclusão do resíduo (0; 11%; 16%; 27% em base de matéria seca, em delineamento inteiramente ao acaso, com cinco repetições por tratamento. Maiores consumos de matéria seca foram evidenciados quando as rações continham 11% do resíduo. Maiores consumos de proteína bruta, fibra detergente neutro, fibra detergente ácido e celulose (g/UTM e energia metabolizável (kcal/UTM foram apresentados por animais alimentados com dietas contendo 11% de resíduo em relação ao das dietas com 27% de inclusão (PThe influence of increasing levels of pineapple by-product (Ananas comosus L. on intake (unit metabolic size - UMS and apparent digestibility (% of dry matter (DM, organic matter (OM, crude protein (CP, ether extract (EE, neutral detergent fiber (NDF, acid detergent fiber (ADF, hemicelluloses (HCEL and cellulose (CEL and energy of isofibrous and isoproteic experimental diets of sheep were evaluated. Energetic and nitrogenous balance were also measured. Twenty rams were randomly allotted to four treatments in a completely randomized design with five replications. The treatments were formulated to contain zero; 11, 16 and 27% of pineapple by-product on DM basis. Higher dry matter intake was observed on 11% pineapple by-product diet. CP, NDF, ADF, CEL intake (g/UMS and metabolizable energy intake (kcal/UMS of 11% pineapple by

  19. Avaliação do comportamento de ovinos Santa Inês em sistema silvipastoril no norte fluminense Evaluation of the behaviour of Santa Inês sheep in a silvopastoral system in the north of Rio de Janeiro state

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rony Antonio Ferreira

    2011-04-01

    Full Text Available Um estudo foi desenvolvido em Quissamã, RJ utilizando-se 20 ovelhas da raça Santa Inês com idade média de dois anos objetivando-se avaliar o comportamento dos animais em dois sistemas de criação. Os animais foram mantidos em piquetes com pastagem de capim-quicuio, sendo dez ovelhas alojadas em piquete sem sombreamento e outras 10 alojadas em piquete, com consórcio de pastagem e o cultivo de coco (Cocus nucifera. Durante o período de 10 dias consecutivos, os animais tiveram seus respectivos comportamentos observados de acordo com o tempo despendido com as atividades de alimentação, ruminação e ócio, aferidos de dez em dez minutos das 9:00 às 17:00 horas, período em que permaneciam a pasto. Os animais expostos ao sol despenderam menor tempo diário pastejando, aumentando atividade de ruminação e ócio, mantendo essas atividades menos constantes quando comparadas aos animais mantidos à sombra. O consórcio da cultura de coco com a pastagem influenciou positivamente o comportamento dos animais.A study was developed in Quissamã, RJ, Brazil, with twenty two-year-old sheep of the Santa Inês with the objective of evaluating the animals' behavior in two raising system. The animals were maintained in two pickets with "capim-quicuio" pasture. The animals were separated in two groups, ten of which without shade and the other ten in a picket with a consortium of pasture and a coconut cultivation (Cocus nucifera. During a period of ten consecutive days, the animals had their behavior evaluated according to the time spent on feeding, rumination and resting time, checked every ten minutes, from 9 a.m. to 5 p.m. The animals exposed to sunlight spent less time grazing, increased rumination time and resting time, and these activities were less stable when compared to the sheep under shade. Coconut cultivation, therefore, had a positive impact on the behavior of the animals.

  20. Resposta imunitária à vacinação conjuntival com a estirpe Rev.1 de Brucella melitensis em ovinos e caprinos Serological response of sheep and goats to conjunctival Brucella melitensis Rev.1 vaccine

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P. Poeta

    2003-04-01

    Full Text Available The live B. melitensis Rev.1 strain is considered the best vaccine available for the prophylaxis of brucellosis in small ruminants, especially when used at the standard dose by the conjunctival route. In the present study a 1´ 10(9 CFU dose for both sheep and goats conjunctivally vaccinated was tested to evaluate the duration of serological responses. Conjunctival vaccination with Rev. 1 performed in adult animals induced a rapid rise in serological titres as measured by Rose Bengal Plate Test (RBPT, Complement Fixation Test (CF and Modified Rose Bengal Plate Test (MRBPT. Titres then decreased and became negative in most animals by four months after vaccination (except MRBPT. The goats responded better to the vaccination than the sheep as one month after vaccination 100% of the goats revealed positive results to RB and RBM and 93.4% to FC test. The RBM was the one that detected more positive animals along the study.

  1. Comportamento ingestivo de ovinos alimentados com dietas compostas de silagem de capim-elefante amonizada ou não e subprodutos agroindustriais Ingestive behaviour of sheep fed with ammoniated or non-ammoniated elephantgrass silage and agro industrial by-products

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gleidson Giordano Pinto de Carvalho

    2006-08-01

    Full Text Available Foram estudados os efeitos do uso de silagem de capim-elefante amonizada ou não com uréia (5% na base da MS e da substituição do concentrado (milho e farelo de soja por farelo de cacau (FC ou torta de dendê (TD na dieta sobre o comportamento ingestivo de ovinos Santa Inês. Dezoito ovinos machos não-castrados (peso médio inicial de 22,62 kg, alojados em baias individuais, foram distribuídos em delineamento experimental inteiramente casualizado, com seis tratamentos, dois volumosos (silagem de capim-elefante amonizada ou não com uréia e três níveis de substituição do concentrado (milho + farelo de soja por farelo de cacau ou torta de dendê (0% FC e TD, 40% FC e 40% TD na dieta, fornecida na proporção de 60:40 volumoso:concentrado. O período experimental foi de 78 dias, sendo 15 dias destinados à adaptação dos animais às dietas. Os animais foram observados a cada cinco minutos, durante dois períodos de 24 horas/dia, no final do período experimental. Foram registrados o tempo despendido em alimentação, ruminação e ócio e o número e o tempo de mastigações merícicas por bolo ruminado. Não houve diferença entre os tempos de alimentação, ruminação e ócio. A amonização do capim-elefente e a inclusão do farelo de cacau no concentrado aumentaram a eficiência de ruminação, mas a maioria dos parâmetros do comportamento ingestivo avaliados não sofreu alterações.The effects of feeding elephantgrass silage ammoniated or not with urea (5% DM basis and the concentrate replacement (corn and soybean meal by cocoa meal (CM or palm cake (PC on the ingestive behaviour of 18 Santa Inês non-castrated male sheep averaging 22.62 kg of initial body weight were studied. The animals were allotted to individual pensas a completely randomized design with six treatments, two roughages (elephantgrass silage ammoniated with urea or not and three concentrate replacement level with by cocoa meal or palm cake (0% CM and PC, 40% CM

  2. Desempenho, características de carcaça e constituintes corporais de ovinos Santa Inês alimentados com farelo de girassol em substituição ao farelo de soja na dieta Performance, carcass characteristics and body measurements of Santa Inês sheep fed diets with different proportions of sunflower meal and soybean meal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Helder Louvandini

    2007-06-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar a inclusão do farelo de girassol na alimentação de ovinos Santa Inês. Dezoito cordeiros com 90 dias de idade, não-castrados, com 14±1,43 kg de PV inicial, foram distribuídos em um delineamento inteiramente casualizado e mantidos em confinamento durante 87 dias. Além do feno de coastcross (Cynodon dactylon oferecido ad libitum, os cordeiros receberam 300 g de três diferentes concentrados contendo farelo de girassol em substituição ao farelo de soja. Os tratamentos utilizados foram: S - milho triturado + farelo de soja; SG - milho triturado + 50% de farelo de soja + 50% de farelo de girassol; e G - milho triturado + 100% de farelo de girassol. O controle do consumo de alimento foi feito três vezes por semana e a pesagem dos animais, uma vez. No abate, foram determinados o peso vivo (PV, o peso de carcaça quente (PC, o peso da meia-carcaça (PMC, o comprimento de carcaça, a espessura de gordura de cobertura, a pele (peso e expessura, o peso dos órgãos torácicos (pulmão, traquéia e coração e abdominais (fígado e rins e o peso dos cortes comerciais (pescoço, pernil, lombo, paleta, costela e costela/fralda. O ganho de peso médio diário e o ganho de peso total foram melhores nos animais alimentados com o concentrado composto de milho e farelo de soja. O consumo de MS por peso metabólico nesses animais (S foi menor em relação ao obtido com o concentrado contendo 50% de girassol (SG, mas semelhante ao encontrado com 100% de farelo de girassol (G. Na avaliação das características de carcaça, os animais do grupo S apresentaram PMC, lombo e costela/fralda superiores aos dos grupos SG e G. A substituição do farelo de soja por farelo de girassol em até 50% no concentrado promoveu menor desempenho e características de carcaça inferiores em ovinos em terminação.The objective of this trial was to evaluate the effect of replacing soybean meal with sunflower meal on carcass traits and body measurements of

  3. Efeito da suplementação de lipídios sobre a digestibilidade e os parâmetros da fermentação ruminal em cabras leiteiras Effect of lipid supplementation on digestibility and ruminal metabolism in dairy goats

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia Maria Cândido da Silva

    2007-02-01

    Full Text Available Avaliou-se o efeito da inclusão de óleo de soja (OS, sais de cálcio de ácidos graxos de cadeia longa (SC e grão de soja (GS na dieta sobre o consumo, as digestibilidades total e ruminal dos nutrientes, os parâmetros ruminais e a produção e eficiência de produção de proteína microbiana em cabras. Foram utilizadas oito cabras não-gestantes e não-lactantes, fistuladas no rúmen, distribuídas em delineamento experimental em quadrado latino 4 x 4, com duas repetições. Os tratamentos consistiram de quatro dietas, sendo uma controle (C, isenta de lipídio suplementar, e as demais, adicionadas de um dos suplementos testados, contribuindo com 4,5% de EE suplementar (6,5% na dieta total. A suplementação lipídica não alterou o consumo de MS. Os coeficientes das digestibilidades total e ruminal do EE nas dietas com suplementos lipídicos foram superiores aos da dieta controle. Maior tempo de retenção de partículas sólidas foi obtido com o uso de grão de soja como suplemento. Os tratamentos não influenciaram o pH, a síntese e a eficiência de proteína microbiana, mas reduziram a concentração de amônia no rúmen. A suplementação com lipídios no nível de 4,5% pode ser utilizada de modo eficiente em dietas para caprinos.Eight non-pregnant, non-lactating dairy goats fitted with ruminal cannulas were assigned to two replicated 4 x 4 Latin squares to evaluate the effects of lipid supplementation on intake, total tract and ruminal digestibility of nutrients, ruminal metabolism, and microbial protein synthesis. Animals were fed a control diet (no fat supplementation; 2.0% ether extract or a diet supplemented (4.5% of added ether extract with soybean oil (SO, calcium salts of long-chain fatty acids (CS or whole soybean grain (WS. No significant differences were observed for dry matter intake among diets. Apparent total tract and ruminal digestibilities of ether extract were greater on diets containing fat supplements than on the

  4. Inoculação microbiana da alfafa para silagem sobre a digestibilidade total e ruminal em bovinos Microbial inoculation of alfalfa for silage on ruminal and total digestibility in bovines

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvio Manginelli

    2005-06-01

    Full Text Available Doze vacas (640 kg de PV não-gestantes e não-lactantes foram distribuídas em um delineamento em blocos, em que os tratamentos corresponderam à silagem pré-secada de alfafa (60,0% de MS e 19,5% de PB controle ou inoculada com o produto Silobac® (Lactobacillus plantarum e Pediococcus pentosaceus, com o objetivo de avaliar os efeitos da inoculação microbiana da silagem de alfafa sobre a digestibilidade total e ruminal em bovinos. A dieta experimental continha 50% de silagem de alfafa e 50% de concentrados, com base na matéria seca. O experimento teve duração total de 21 dias, sendo os dez últimos destinados à administração do marcador óxido crômio e os cinco últimos destinados à coleta de fezes e incubação dos sacos de náilon. A inoculação da silagem de alfafa não alterou a digestibilidade total da MS (inoculada = 70,0% vs. controle = 71,2%, PB (72,3% vs. 73,0%, EE (77,0% vs. 76,8%, FDN (61,2% vs. 55,9%, FDA (66,8% vs. 61,8%, EB (72,5% vs. 73,7% ou NDT (70,6% vs. 71,8% da dieta. Também não alterou o consumo de MS digestível (12,2 vs. 11,4 kg/animal/dia ou 1,7% vs. 1,8% do PV ou o consumo de NDT (12,4 vs. 11,4 kg/animal/dia ou 1,8% vs. 1,8% do PV. Entretanto, a inoculação diminuiu a degradabilidade efetiva da MS da silagem de alfafa para taxas de passagem de 2%/h (61,2% vs. 65,1%, 5%/h (54,1% vs. 58,6% e 8%/h (50,0% vs. 54,4%, bem como reduziu a degradabilidade efetiva da PB da Alfafa para taxas de passagem de 2%/h (84,8% vs. 86,8% e 5%/h (79,9% vs. 82,5%.Twelve non pregnant dry cows (640 kg LW were assigned to a randomized block design, provided that the treatments were alfalfa haylage (60.0% DM and 19.5% CP control or inoculated with Silobac® product (Lactobacillus plantarum and Pediococcus pentosaceus, with the objective to evaluate the effects of microbial inoculation of alfalfa silage on ruminal and total digestibility in bovines. Experimental diet was composing by 50% of alfalfa silage and 50% of concentrate as

  5. Caracterização epidemiológica e fatores de risco associados à infecção por Brucella ovis em ovinos deslanados do semiárido paraibano Epidemiological characterization and risk factors associated with Brucella ovis infection in sheep in the Brazilian semiarid

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabrine A. Santos

    2013-04-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo determinar a prevalência de rebanhos ovinos positivos (focos e de animais soropositivos para Brucella ovis na mesorregião do Sertão, Estado da Paraíba, Nordeste do Brasil, bem como identificar fatores de risco. Foram colhidas amostras de sangue de 1.134 animais procedentes de 103 rebanhos em 17 municípios. Para o diagnóstico sorológico da infecção por B. ovis foi utilizado o teste de imunodifusão em gel de ágar (IDGA. Um rebanho foi considerado positivo quando apresentou pelo menos um animal soropositivo. Das 103 propriedades utilizadas 21 (20,39% apresentaram pelo menos um animal soropositivo e dos 1.134 animais, 59 (5,20% foram soropositivos. Realizar higiene nas instalações com periodicidade anual (odds ratio = 7,13; IC 95% = 1,56-32,47; p=0,011 e aquisição de animais (odds ratio = 6,06; IC 95% = 1,39-26,48; p=0,017 foram identificados como fatores de risco. Com base na análise de fatores de risco, recomenda-se a realização de diagnóstico da infecção por B. ovis previamente à aquisição de animais e realização periódica de higienização das instalações.The aim of this investigation was to determine the seroprevalence of Brucella ovis in sheep flocks and individual sheep in the Sertão mesorregion, Paraíba state, Northeastern Brazil, as well as to identify risk factors. Blood samples were collected from 1,134 sheep from 103 flocks in 17 counties. For the serological diagnosis of B. ovis infection the agar gel immunodiffusion test (AGID was carried out. A flock was considered positive when there was at least one seropositive animal. Of the 103 flocks used, 21 (20.39% presented at least one seropositive sheep, and of the 1,134 sheep examined 59 (5.20% seropositive animals were diagnosed. Cleaning of facilities (odds ratio = 7.13; 95% CI=1.56-32.47; p=0.011 and purchase of animals (odds ratio = 6.06; 95% CI=1.39-26.48; p=0.017 were identified as risk factors. Based on the risk factor

  6. Efeitos genéticos aditivos e não-aditivos em características de crescimento, reprodutivas e habilidade materna em ovinos das raças Santa Inês, Somalis Brasileira, Dorper e Poll Dorset Additive and non-additive genetic effects on growth, reproductive and maternal traits in sheep of Santa In��s, Brazilian Somali, Dorper and Poll Dorset breeds

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriano Caminha Barbosa Neto

    2010-09-01

    Full Text Available Efeitos genético aditivo, de dominância e de recombinação em cruzamentos entre as raças Santa Inês (SI, Somalis Brasileira (So, Dorper (Do e Poll Dorset (Po foram estimados para as características de crescimento, reprodutivas e de habilidade materna. Os dados foram obtidos da Gaasa e Alimentos LTDA, uma empresa que participa do Programa de Melhoramento Genético de Caprinos e Ovinos (GENECOC da Embrapa Caprinos. Inicialmente, 3.573 registros foram analisados por meio do procedimento MIXED do pacote estatístico SAS (1999. As análises foram realizadas considerando os efeitos da diferença genética aditiva entre as raças, de dominância e de recombinação. O peso ao nascer foi influenciado pelos efeitos genéticos aditivos, enquanto o peso ao desmame e o ganho de peso pré-desmame foram influenciados por efeitos genéticos não-aditivos. A estimativa de herdabilidade direta para o peso ao nascer foi moderada, o que indica a existência de variabilidade genética passível de ser explorada por meio da seleção individual. Do mesmo modo, as estimativas de herdabilidade das características idade ao primeiro parto e peso total das crias ao nascer indicaram a existência de variabilidade genética para obter ganhos genéticos por meio da seleção. Os genes das raças Poll Dorset e Dorper tiveram papel importante para melhor desempenho ponderal, portanto, essas raças podem ser indicadas como paternas no cruzamento terminal. A utilização de matrizes F1 Santa Inês x Somalis Brasileira em cruzamentos com reprodutores Poll Dorset pode levar a maior eficiência reprodutiva.Additive genetic, dominance and recombination effects in breedings among Santa Inês (SI, Brazilian Somali (So, Dorper (Do and Poll Dorset (Po breeds were estimated for growth, reproductive and maternal hability traits. Data were obtained from Gaasa e Alimentos LTDA, a company that participates on the Programa de Melhoramento Genético de Caprinos e Ovinos (GENECOC

  7. Tremorgenic disease in ruminants and equidae in the Brazilian semiarid

    OpenAIRE

    Pessoa, Clarice R.M.; Medeiros, Rosane M.T.; Pessoa, André F.A.; Dantas, Antônio F.M.; Oliveira, Odaci F. de; Riet-Correa, Franklin

    2010-01-01

    Descrevem-se oito surtos de uma doença tremorgênica em bovinos, ovinos, equinos e muares na região do Cariri, semiárido da Paraíba. Sete surtos aconteceram de julho a dezembro de 2007, com maior frequência entre setembro e outubro. Outro surto foi observado em fevereiro de 2008. Todos os surtos ocorreram no período da seca. Os sinais observados foram tremores musculares, hipermetria, ataxia, aumento da base de sustentação, constante estado de alerta e, em alguns casos, decúbito. Quando retira...

  8. Valor nutritivo de dietas contendo torta de mamona submetida a métodos alternativos de destoxificação para ovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R.N. Furtado

    2012-02-01

    Full Text Available Avaliaram-se o consumo e a digestibilidade de nutrientes por ovinos alimentados com rações contendo torta de mamona sem tratamento (NT, tratadas com calcário calcítico (CC, ureia (UR, fosfato monobicálcico (FOS e por autoclave (ACL. Foram utilizados 20 ovinos em delineamento em blocos ao acaso, sendo 10 machos inteiros e 10 fêmeas, mestiços de raça Morada Nova. As dietas foram isoproteicas e isoenergéticas. A ricina foi parcialmente desnaturada pelos tratamentos de destoxificação da torta de mamona. Não houve efeito dos tratamentos de destoxificação da torta de mamona sobre o consumo de nutrientes. A digestibilidade da fibra em detergente neutro no tratamento NT foi de 57,5%, maior que no tratamento CC, de 52,4%. A digestibilidade do extrato etéreo foi mais alta no tratamento CC, média de 71,3%, em relação ao tratamento FOS, de 68,2%. Houve maior consumo de fibra em detergente neutro e fibra em detergente ácido dos machos em relação às fêmeas quando o consumo foi expresso em g/dia. A torta de mamona NT pode ser utilizada em dietas de ovinos como alimento proteico alternativo, participando em até 8% da dieta total, sem ocasionar redução expressiva no consumo e na digestibilidade.

  9. Consumo e digestibilidade da matéria seca de fenos de braquiária decumbens e amendoim forrageiro em ovinos estimados por meio de n-alcanos Use of n-alkanes to estimate intake and digestibility of signalgrass and forage peanut in sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nelson Massaru Fukumoto

    2007-04-01

    Full Text Available O experimento foi realizado com os objetivos de avaliar a técnica de n-alcanos para estimar o consumo e a digestibilidade da MS em ovinos e definir a estratégia de coleta de fezes e os alcanos internos a serem utilizados no cálculos. Vinte ovinos foram distribuídos em delineamento inteiramente casualizado e alimentados com dietas formuladas com diferentes proporções de amendoim forrageiro (Arachis pintoi Koprov & Gregory cv. Amarillo e braquiária decumbens [Urochloa decumbens (Stapf, Webster] (0, 15, 30, 45 e 60% de amendoim forrageiro, base da MS. O período experimental teve duração de 18 dias, dez de adaptação à dieta, três para administração do indicador externo (C32 em péletes de celulose e cinco de coleta de fezes. As fezes foram coletadas seis vezes ao dia (9, 13, 17, 21, 1 e 5h, diretamente no reto do animal. Os dados foram submetidos à análise de variância e as comparações das médias estimadas aos valores reais foram feitas utilizando-se o teste t a 5% de significância. Para determinação da digestibilidade aparente da MS, os animais foram equipados com bolsas coletoras de fezes. O consumo foi calculado utilizando-se os alcanos internos C31 e C33 isoladamente ou em conjunto. Para o cálculo da digestibilidade da MS, foram utilizados os alcanos internos C33 a C35. Para obtenção de estimativas adequadas de digestibilidade, é necessária a correção para os valores de recuperação fecal dos indicadores internos, observando-se que os melhores resultados foram obtidos quando se utilizou o alcano interno C33 nos cálculos. Para estimar o consumo de MS, devem-se utilizar, de forma conjunta nos cálculos, os alcanos internos C31 e C33, sem necessidade de correção para recuperação fecal, podendo-se coletar uma única amostra de fezes por animal por dia, pela manhã (9 h ou à tarde (13 h.The objective of this trial was to use n-alkanes to estimate dry matter intake (DMI and DM digestibility in sheep. It was also

  10. Uso de n-alcanos na estimativa da composição botânica da dieta em ovinos alimentados com diferentes proporções de Brachiaria decumbens Stapf e Arachis pintoi Koprov e Gregory Use of n-alkanes to estimate the dietary botanical composition in sheep fed different proportions of Brachiaria decumbens Stapf and Arachis pintoi Koprov and Gregory

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nelson Massaru Fukumoto

    2007-08-01

    Full Text Available Neste experimento objetivou-se avaliar o poder discriminatório dos n-alcanos para estimar com acurácia e precisão a composição botânica da dieta em ovinos alimentados com diferentes proporções de Arachis pintoi Koprov & Gregory cv. Amarillo (0, 15, 30, 45 e 60% e Brachiaria decumbens Stapf. Foram utilizados 20 ovinos em delineamento inteiramente casualizado, com período experimental de dez dias de adaptação à dieta e cinco dias de coleta de fezes. Nas amostras (compostas de fezes do período e nos fenos, foi analisada a concentração de n-alcanos. Para o cálculo da composição botânica, utilizou-se minimização da soma dos quadrados dos desvios, considerando as concentrações dos alcanos nos componentes da dieta e nas fezes. Para a escolha dos alcanos mais discriminatórios, foram utilizadas as análises multivariadas e as variáveis canônicas. As estimativas calculadas foram submetidas à análise de variância. As médias foram comparadas pelo teste t e as correções dos valores estimados em relação aos valores reais foram ajustadas em regressão linear. As variáveis canônicas indicaram que os alcanos C35, C33, C30, C31, C27, C29 e C36 são os de maior potencial discriminatório. O uso desses alcanos nos cálculos foi mais acurado e preciso para estimar a proporção de A. pintoi na dieta que o uso de apenas dois ou três alcanos com poder discriminatório. O melhor ajuste da regressão também foi encontrado para esses alcanos. O teste t para o intercepto da equação (a e o coeficiente de regressão (b indicaram que a = 0 e b = 1, comprovando que os valores estimados são equivalentes aos valores reais. As análises multivariadas mostraram-se ferramentas de grande importância na escolha dos n-alcanos nos cálculos nas estimativas.The objective of this experiment was to use n-alkane to estimate accurately and precisely the botanical composition of dietary forage in sheep fed different proportions of Arachis pintoi

  11. Efeito da adição de feno de catingueira (Caesalpinea bracteosa na ração sobre o balanço de energia e de nitrogênio em ovinos morada nova Effect of vatingueira hay (Caesalpinea Bracteosa adition on apparent nitrogen and energy balance by morada nova sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Severino Gonzaga Neto

    2004-10-01

    Full Text Available Objetivando avaliar o efeito da adição de feno de catingueira (FC sobre os balanços de nitrogênio e de energia em ovinos Morada Nova, foram utilizados 15 animais machos, castrados, durante 22 dias. O delineamento estatístico foi inteiramente casualizado, com três tratamentos e cinco repetições. Os tratamentos consistiram da inclusão de 0, 50 e 100% de FC à ração, na base da matéria seca. Os níveis de inclusão do FC às dietas não influenciaram nenhum dos parâmetros de balanço de nitrogênio. A perda média total de nitrogênio foi de 75,60% do ingerido e através da urina, de 61,31%. Não se observou efeito dos níveis de inclusão de FC sobre os parâmetros de balanço de energia, exceto para a energia bruta perdida pelas fezes, que diminuiu linearmente, à medida que se aumentou a participação do FC às dietas. A perda média total de energia foi de 58,40% da ingerida. Os resultados permitem indicar o feno de catingueira como fonte estratégica de alimento para os animais do semi-árido nordestino, sobretudo no período seco.The objective of this study was to determine the effect of "catingueira" hay (CH addition on nutritional balance by sheep. Fifteen "Morada Nova" males castrated sheep were used in a complete randomized design with three treatments (0, 50 and 100% CH addition and five replications. The inclusion of CH did not influence the apparent nitrogen balance. The energy retained as percentage of the ingested energy was not affected by treatment, however, the energy retained as percentage of the digested energy declined linearly in function of the CH inclusion level. Considering the nutrititonal demands of the experimental animals, it was concluded that the average intake observed at the intermediary levels of CH, showed that the "catingueira" have a reasonable nutritive value, being a strategic forage plant to the herd in the dry season in the semi-arid region.

  12. Composição do sangue e do leite em ovinos leiteiros do sul do Brasil: variações na gestação e na lactação Blood and milk composition in dairy ewes from southern Brazil: variations during pregnancy and lactation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Arnt Brito

    2006-06-01

    Full Text Available A ovinocultura de leite tem avançado no Rio Grande do Sul nos últimos anos, sem o conhecimento das variações nos parâmetros metabólicos e de composição do leite que possa servir de apoio à pesquisa e à clínica. Este trabalho teve por objetivo estudar a variação dos perfis metabólico e hematológico e da composição do leite em ovinos leiteiros da raça Lacaune criados em regime de confinamento na Serra Gaúcha. O trabalho foi realizado no município de Bento Gonçalves (região serrana do RS. Foram coletadas amostras de sangue de 14 animais por venipunção jugular para a realização de hemograma e do perfil bioquímico, em cada uma das seguintes categorias: ovelhas vazias; aos 60, 90 e 120 dias de gestação e aos 7, 30, 60 e 140 dias de lactação. Durante os mesmos períodos da lactação, foram coletadas amostras para a determinação dos componentes físico-químicos do leite. A acidez Dornic e o teor de proteína e gordura do leite foram diferentes dos citados em outros países. O perfil metabólico apresentou maiores variações com relação à média no final da gestação e no início da lactação. A uréia mostrou diferença (PDairy sheep industry has increased intensively in southern Brazil, however, without the corresponding knowledge of variations on metabolic and hematological parameters and on milk composition, with application in research and clinical activities. This work was carried out on Lacaune sheep, intensively grazed in the county of Bento Gonçalves (RS, in southern Brazil. Blood samples were collected from the jugular vein for metabolic profiles and hematology. Samples were taken randomly from 14 sheep in each of the following periods: nonpregnant ewes; at 60, 90 and 120 of pregnancy and at 7, 30, 60 and 140 days of lactation. During the lactation period, milk samples were also taken to assay the physico-chemical composition. Milk acidity, protein and fat levels were different from reference levels in

  13. Avaliação dos efeitos de fontes de fósforo na dieta sobre parâmetros do meio ruminal e eficiência de síntese microbiana, digestibilidade dos nutrientes e fósforo plasmático em bovinos Evaluation of different phosphorus sources in the diet on ruminal parameters, microbial synthesis, nutrient apparent digestibility and plasma phosphorus in cattle

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Julio Cezar Barreto

    2009-04-01

    Full Text Available Este trabalho foi conduzido com os objetivos de avaliar o efeito de fontes de fósforo em dietas para bovinos em crescimento sobre o coeficiente de digestibilidade parcial e total dos nutrientes, os parâmetros ruminais, a eficiência de síntese microbiana e os níveis plasmáticos de fósforo. Foram utilizados quatro bovinos castrados, raça Holandesa Preto e Branco (280 kg de peso vivo, com cânula ruminal e duodenal, em delineamento quadrado latino 4 × 4, com quatro fontes de fósforo (fosfato bicálcico - BIC; superfosfato triplo - SPT; fosfato monoamônio - MAP; e fosfato de rocha Araxá - FRA. As fontes de fósforo não afetaram a ingestão, o fluxo fecal, as digestibilidades ruminal, duodenal e total de matéria seca, matéria orgânica, proteína bruta, fibra em detergente neutro e carboidratos não-fibrosos. A absorção de fósforo do fosfato de rocha Araxá foi menor e diferiu da absorção do fosfato bicálcico e do fosfato monoamônio. Os animais que receberam fosfato de rocha Araxá apresentaram maiores ingestão, fluxo fecal, fluxo duodenal, desaparecimento ruminal e desaparecimento fecal de flúor (F. A utilização de fosfato de rocha Araxá resultou em níveis de flúor na dieta superiores aos recomendados para evitar sua toxidez. As fontes de fósforo não alteraram os níveis plasmáticos de fósforo nem a ingestão de nitrogênio, a eficiência de síntese microbiana e a composição das bactérias ruminais. Também não influenciaram o pH ruminal e as concentrações de NH3-ruminal. Estes resultados indicam que é possível o uso do superfosfato triplo e do fosfato monoamônio em substituição ao fosfato bicálcico.This study was carried out to evaluate the effects of different phosphorus sources, in diets of growing cattle, on apparent partial and total nutrient digestibility; ruminal parameters; microbial efficiency synthesis and plasma phosphorus. Four Holstein steers weighting 280 kg and implanted with ruminal and

  14. Metabolismo de cálcio em ovinos em crescimento sob suplementação com diferentes fontes de cálcio: aplicação e comparação de dois modelos matemáticos Calcium metabolism in growing sheep supplemented with different calcium sources: application and comparison of two mathematical models

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dorinha Miriam Silber Schmidt Vitti

    2006-12-01

    Full Text Available Este trabalho foi realizado com o objetivo de estudar, por meio de dois modelos matemáticos, o metabolismo do cálcio (Ca em ovinos recebendo dietas suplementadas com diferentes fontes de Ca. Foram utilizados 20 cordeiros mestiços Santa Inês (6 a 8 meses de idade alimentados com uma dieta basal composta de milho, farelo de soja, bagaço de cana hidrolisado, uréia, fosfato monoamônio (MAP e mistura mineral suplementada com cinco fontes de cálcio: polpa cítrica (PC, feno de alfafa (FA, calcário calcítico (CC, farinha de conchas de ostras (FC e fosfato bicálcico (FB. Os animais receberam, via jugular, solução contendo 7,7 MBq de 45Ca. Durante sete dias, realizaram-se coletas de fezes, sangue e urina. Após o período de coleta, os animais foram sacrificados para retirada de amostras de tecidos (fígado, rins, coração, músculo e 12ª costela para análises. O metabolismo de Ca foi avaliado pelos modelos de Vitti et al. (2000 e Fernandez (1995. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado e as médias foram comparadas pelo teste Duncan. Não houve diferença significativa para o consumo de Ca entre os tratamentos. A excreção fecal foi menor para o CC. O balanço de Ca foi negativo para FA e PC. A absorção de Ca pode ter sido prejudicada pela presença de pectina e oxalato na polpa cítrica e no feno de alfafa, respectivamente. Os fluxos entre o compartimento central e o trato digestivo indicaram maior absorção de Ca para o CC. As fontes CC, FB e FC apresentaram maior disponibilidade cálcio, com valores respectivos de 65,38; 34,12 e 32,43%. A comparação entre os modelos comprovou diferenças nos fluxos entre o sangue e os tecidos e ossos, todavia, o balanço entre esses compartimentos foi similar. As diferenças entre os modelos possivelmente foram ocasionadas pela sua estrutura.This research was conducted to compare the accuracy of two mathematical models to predict calcium (Ca metabolism in sheep supplemented

  15. Epidemiologia das helmintoses gastrintestinais de ovinos no Planalto Catarinense

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ramos César Itaqui

    2004-01-01

    Full Text Available Este trabalho foi desenvolvido em três propriedades rurais nos municípios de Lages, São Joaquim e Campos Novos, estado de Santa Catarina, com os objetivos de determinar a prevalência, a intensidade e a variação sazonal de helmintos gastrintestinais e pulmonares em ovinos no Planalto Catarinense. Com base nos resultados aintenção é propor um esquema estratégico de controle. Para isso, foram utilizados mensalmente três cordeiros traçadores por propriedade, os quais, antes de serem conduzidos às mesmas, foram estabulados por 30 dias e executados tratamentos supressivos com anti-helmínticos de diferentes princípios ativos, com exames parasitológicos semanais para verificar a total eliminação de infecção parasitária. A seguir, foram encaminhados às três propriedades onde permaneceram em pastejo por 28 dias, sendo posteriormente recolhidos ao estábulo por mais 20 dias. Após foram sacrificados e realizada a coleta de alíquotas de 10% dos conteúdos do abomaso e intestino delgado, todos os helmintos do intestino grosso e pulmão. As maiores infecções por Haemonchus contortus ocorreram durante o período de outubro a março. O parasitismo por Trichostrongylus axei e Trichostrongylus colubriformis teve índices crescentes ao longo dos anos experimentais, apresentando maior pico de maio a outubro de 1999. Predominaram as espécies, no abomaso: Haemonchus contortus (100%; Trichostrongylus axei (98,7%; Trichostrongylus colubriformis (1,3%; Teladorsagia circumcincta (100%; Ostertagia ostertagi (100%. No intestino delgado: Trichostrongylus colubriformis (100%; Cooperia punctata (69,1%; Cooperia pectinata (18,4%; Cooperia curticei (6,9%; Cooperia oncophora (4,8%; Cooperia spatulata (0,8% e Nematodirus spathiger (100%. No intestino grosso: Oesophagostomum venulosum (100% e Trichuris ovis (100%. No pulmão, não foram encontrados parasitos.

  16. Ruminal degradability of hard or soft texture corn grain at three maturity stages Degradabilidade ruminal de grãos de milho de textura dura ou macia em três estádios de maturação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos Neves Pereira

    2004-01-01

    Full Text Available The predominance of vitreous endosperm in hard texture flint corn (Zea mays L. can decrease ruminal starch digestion comparatively to the farinaceous endosperm of dent corn, reducing energy content of the grain. The objective of this experiment was to evaluate the effects of texture and maturity stage on ruminal degradability of corn grain. Two dent and two flint hybrids were harvested at the early dent, half milk line, and black layer stages. The proportion of vitreous endosperm (vitreousness in dent hybrids was 44.3%, while in flint it was 67.0%. There was a linear increase in vitreousness with advancing maturity. Flint hybrids at the early dent stage were more vitreous than dent at the black layer stage. The increase in vitreousness per maturation day was greater for flint hybrids. Grains were incubated in situ in the rumen of 6 cows. The 24-hour ruminal dry matter degradation was 63.3% for dent corn and 52.4% for flint corn. The 72-hour incubation residues of dent and flint hybrids were 7.6% and 15.6%, respectively. Ruminal degradability was similar between hybrids at the early dent and half milk line stages. There was a marked texture effect on ruminal degradability at the black layer stage (quadratic effect of maturity stage and interaction between texture and maturity stage. Use of dent hybrids, compared to flint hybrids, may result in smaller relative reduction in ruminal starch digestion in situations of late grain harvesting.A predominância de endosperma vítreo em milho (Zea mays L. flint de textura dura pode deprimir a digestão ruminal do amido comparativamente ao endosperma farináceo de milho dentado, reduzindo o conteúdo energético do grão. O objetivo deste experimento foi avaliar os efeitos da textura e do estádio de maturidade sobre a degradabilidade ruminal de grãos de milho. Dois híbridos dentados e dois duros foram colhidos nos estádios dentado inicial, metade da linha do leite e linha preta. A proporção de

  17. Mastite micótica em ruminantes causada por leveduras Mycotic mastitis in ruminants caused by yeasts

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andréia Spanamberg

    2009-02-01

    Full Text Available A ocorrência de casos esporádicos de mastite causados por microrganismos de origem ambiental pode ser considerada como emergente e as leveduras, os fungos leveduriformes e os filamentosos são alguns dos principais agentes envolvidos. Em relação à mastite micótica, as leveduras são freqüentemente causas de infecções da glândula mamária em animais produtores de leite. A maior parte dos casos ocorre sob a forma de surtos localizados e/ou após tratamento com antimicrobianos. Os principais gêneros envolvidos são Candida e Cryptococcus, além de outros como Geotrichum, Pichia e Trichosporon. O objetivo do trabalho é revisar os aspectos gerais sobre a mastite micótica causada por leveduras e fungos leveduriformes, tais como etiologia, causas predisponentes, patogenicidade, diagnóstico, tratamento e profilaxia por meio de uma abordagem cronológica dos primeiros relatos, mas com enfoque principal nos resultados descritos recentemente na literatura veterinária nacional e internacional. O controle da mastite micótica é fundamentado em métodos preventivos, como adequado manejo da ordenha, correta higienização dos equipamentos e das instalações, com a finalidade de reduzir o número de animais acometidos, além de garantir a qualidade e a inocuidade dos produtos lácteos.The veterinary literature registers sporadic cases of infections caused by environmental microorganisms in which the main agents involved are yeasts, yeasts-like and filamentous fungi. In relation to dairy animals, the yeasts are more frequently incriminated as the aetiological agents of mycotic mastitis. Most cases occur under the form of localized outbreaks and / or after treatment with antimicrobial agents. The main genera involved in mastitis are Candida and Cryptococcus, besides others such as Geotrichum, Pichia and Trichosporon. The purpose of this review is to point out the main aspects of mastitis caused by yeasts and yeast-like fungi, such as etiology

  18. Fontes de carboidratos e ionóforo em dietas contendo óleo vegetal para ovinos: digestibilidade, balanço de nitrogênio e fluxo portal de nutrientes Carbohydrate sources and ionophore in sheep diets with vegetal oil: digestibility, nitrogen balance and portal flux of nutrients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gisele Fernanda Mouro

    2006-10-01

    Full Text Available Os objetivos neste trabalho foram avaliar a utilização de duas fontes de carboidratos (casca de soja e milho, com a utilização ou não de monensina em dietas com alta densidade lipídica, e seus efeitos sobre a digestibilidade dos nutrientes, o balanço de nitrogênio e o fluxo portal de nutrientes em ovinos. Adotou-se o método de coleta total de fezes e urina para determinação da digestibilidade e do balanço de nitrogênio. O fluxo líquido de nutrientes foi calculado pelo princípio de Fick. Foram utilizados quatro ovinos (54 kg de PV da raça Corriedale com três cateteres implantados (veia e artéria mesentérica e veia porta. A ingestão, a excreção fecal, a digestão e a digestibilidade de MS, MO e EE não foram influenciadas pelos tratamentos. A ingestão, a digestão e a digestibilidade da FDN foram maiores para as dietas com casca de soja (757,0; 531,1 g/dia e 70,2% que para aquelas com milho (392,3; 199,9 g/dia e 51,0%, enquanto a dos carboidratos não-fibrosos (CNF, foram maiores para as dietas com milho (474,6, 416,8 g/dia e 87,8% que para aquelas com casca de soja (148,0; 97,8 g/dia e 66,1%. A concentração de energia expressa como NDT foi maior nas dietas com milho (80,2% que naquelas com casca de soja (76,7%. Não houve efeito da utilização da monensina nos parâmetros de digestibilidade e balanço de nitrogênio. A excreção fecal da proteína foi menor e a digestibilidade maior para as dietas com milho. A concentração portal e arterial de nitrogênio alfa amino (N alfa-amino foi menor para as dietas com monensina (3,161 e 2,922 e 3,530 e 3,218 mM, respectivamente. A concentração portal (0,419 vs 0,516 mM, a diferença venosa-arterial (0,230 vs 0,317 mM e o fluxo portal de amônia (26,119 vs 37,041 mM/h foram menores para as dietas com milho.The objectives of this trial were to evaluate the effects of two carbohydrate sources (soybean hulls and corn grain with and without monensin on digestibility, nitrogen

  19. Gas production, microbial synthesis by radio phosphorus and digestibility of babassu and mofumbo in sheep diets; Producao de gases, sintese microbiana pelo radiofosforo e digestibilidade do babacu e mofumbo em dietas de ovinos

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Abdalla Filho, Adibe Luiz

    2015-06-01

    When food shortages in natural pastures is committed to animal nutrition, small ruminants can incorporate into their diets the leaves of other plants, such as trees and shrubs, many of them rich in secondary metabolites such as tannins and which still lack of studies about its effect on animal productivity. In order to verify the possibility of using leaves of Orbignya phalerata (Babassu) and Combretum leprosum (Mofumbo) in feed and to evaluate the effect of their inclusion in the sheep production system, two studies were conducted at the Animal Nutrition Laboratory of Centro de Energia Nuclear na Agricultura, Universidade de Sao Paulo, Piracicaba (LANA/CENA-USP). The first study evaluated the performance variables, biochemical and hematological parameters and also determined the microbial protein synthesis, nutrient apparent digestibility and enteric production of methane (CH4). The second study assessed the carcass characteristics, fatty acid profile and meat color of male sheep used in the first study. The experimental treatments were diets with forages to concentrate rate of 50:50, drawn up on the basis of using the leaves of the experimental plants replacing 30% of the Cynodon dactylon (Tifton-85) hay, resulting in three treatments: Control (no hay replacement), Babassu and Mofumbo. In the first study, there were used 24 Santa Ines sheep, in a randomized experimental design with eight repetitions for each treatment and 48 days of trial period. Also during this period, an in vitro microbial protein synthesis was performed using the radio phosphorus using five different inoculum of each studied treatment. After this period, for nine days, six animals from each treatment were allocated in metabolic cages for determining the nutrient apparent digestibility, microbial protein synthesis and nitrogen balance. Simultaneously it was quantified the enteric CH4 production in vivo. The Control group showed greater (P < 0.05) apparent digestibility of acid detergent fiber

  20. Consumo e comportamento ingestivo de caprinos e ovinos alimentados com palma gigante (Opuntia ficus-indica Mill e palma orelha-de-elefante (Opuntia sp. - DOI: 10.4025/actascianimsci.v30i2.4684 Intake and ingestive behavior of sheep and goats fed with cactus pear (Opuntia ficus-indica Mill and prickly pear (Opuntia sp. - DOI: 10.4025/actascianimsci.v30i2.4684

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valéria Louro Ribeiro

    2008-08-01

    Full Text Available O presente trabalho teve por objetivo avaliar o consumo e comportamento ingestivo de caprinos e ovinos alimentados com palma Gigante (Opuntia fícus-indica Mill e palma Orelha-de-elefante (Opuntia sp.. Foram utilizados 20 animais mestiços, sendo dez caprinos e dez ovinos, alojados em galpão coletivo, contidos individualmente por meio de cordas, distribuídos em delineamento inteiramente casualizado, em um arranjo fatorial 2 x 2 (duas espécies animais e duas variedades de palma. As observações comportamentais foram realizadas em intervalos de 5 min. por um período de 24h. Os consumos de matéria seca, extrato etéreo, fibra em detergente ácido, carboidratos totais e carboidratos não-fibrosos foram menores (p 0,05 sobre o tempo gasto com alimentação e eficiência de alimentação. O tempo gasto com ruminação foi maior para a dieta com palma Gigante, consequentemente os animais da dieta com palma Orelha-de-elefante permaneceram mais tempo em ócio. Comparando as espécies caprina e ovina, verificou-se que a eficiência de ruminação, tanto de MS quanto de FDN, foi maior para a espécie ovina. Os animais gastaram mais tempo ruminando deitados do que em pé, mas não foi verificada diferença quanto ao lado escolhido para deitarem.The objective of this study was to evaluate the intake and ingestive behavior of sheep and goats fed with cactus pear (Opuntia ficus-indica Mill and prickly pear (Opuntia sp.. Twenty crossbred animals – 10 sheep and 10 goats – were used. They were lodged in a collective shed, contained individually with ropes, distributed using a completely randomized design, and treated with a 2 x 2 factorial arrangement (2 animal species and 2 varieties of cactus. Behavioral observations were made at five-minute intervals during a 24-hour period. Dry matter, ether extract, acid detergent fiber, total carbohydrate and non-fibrous carbohydrate intake were reduced (p 0.05 on feeding time and feeding efficiency. The time

  1. Avaliação clínica, laboratorial e anatomopatológica do sistema urinário de ovinos confinados com ou sem suplementação de cloreto de amônio

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bianca P. Santarosa

    2016-01-01

    Full Text Available Resumo: A acidificação urinária com cloreto de amônio (CA é um método preventivo eficiente em urolitíase obstrutiva em ovinos. Os objetivos deste estudo com ovinos confinados, que receberam dieta concentrada com elevado teor proteico, foram: verificar o efeito da dieta sobre a formação de urólitos e o desenvolvimento da doença; analisar as características macroscópicas e histopatológicas do sistema urinário; relacionar os achados clínicos, laboratoriais e necroscópicos com a presença de urólitos. Utilizaram-se 60 ovinos machos: grupo CA (n=40, 400 mg/kg CA/dia, tratados via oral, por 42 dias consecutivos; grupo-controle (n=20, não tratado. Determinaram-se sete momentos de colheita de amostras com intervalos de sete dias, no total de 56 dias de confinamento. Encontraram-se microcálculos na pelve renal em cinco animais de ambos os grupos. As lesões renais microscópicas mais relevantes foram congestão vascular e necrose tubular. Concluiu-se que a dieta rica em concentrado provocou lesão renal em ambos os grupos, embora sem alterar a função renal, o que foi comprovado em testes pela ureia e creatinina séricas. O cloreto de amônio fornecido ao grupo CA não impediu a calculogênese, mas reduziu sua prevalência em relação ao grupo-controle. Os ovinos do grupo-controle tiveram maior comprometimento renal, pela alta incidência de cristalúria e pela necrose tubular, induzidas pelo consumo da dieta rica em grãos.

  2. Biodigestão anaeróbia de dejetos de caprinos e ovinos em reator contínuo de PVC flexível Anaerobic digestion of goat and sheep wastes in a continuous reactor of flexible PVC

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Danilo G. de Quadros

    2010-03-01

    Full Text Available A escassez de fontes energéticas e as altas taxas de mortalidade do rebanho são dois grandes problemas para os agricultores familiares no semiárido brasileiro. De setembro de 2006 a abril de 2007 um reator contínuo com gasômetro em PVC flexível, com 33 m³ de volume, instalado na Estação Experimental da EBDA, Jaguarari, Estado da Bahia, foi monitorado quanto aos parâmetros bioquímicos, microbiológicos e parasitários do afluente e efluente, sendo avaliadas a produção e a composição do biogás, além da utilização do biofertilizante em capim-elefante. Com o manejo adequado, o poder poluente dos dejetos foi reduzido significativamente. Microbiologicamente, a eficiência de remoção de coliformes totais e fecais se manteve acima de 98% enquanto os ovos dos principais endoparasitos foram eliminados com o tratamento. A produção de biogás foi de 0,061 m³ kg-1 de esterco. Basicamente, o biogás apresentou, em sua composição, 58 e 34% de metano e gás carbônico, respectivamente. O biofertilizante (pH 7,5 foi uma boa fonte de nutrientes, sobretudo de nitrogênio (64 g 100L-1, 80% na forma amoniacal e potássio (214 g 100L-1, aumentando a produção de forragem sem alterações significativas na composição bromatológica, digestibilidade "in vitro" da matéria seca e teor de minerais.The scarcity of energy resources and the high livestock mortality rates are perpetual problems for small farmers of the Brazilian semi-arid region. From September 2006 to April 2007 a continuous reactor, of 33 m³ with gasometer in PVC flexible film, was installed at the EBDA Experimental Station, Jaguarari, Bahia State and the affluent and effluent biochemical, microbiological, and parasitological characteristics were monitored, the biogas production and composition being evaluated, as well as the use of the biofertilizer in elephant grass. With adequate management, the pollution power of residues reduced significantly. Microbiologically, the

  3. Growth curve in crossbred Santa Inês x Texel ovines raised in the southwestern region of Bahia state Curva de crescimento em ovinos mestiços Santa Inês x Texel criados no Sudoeste do Estado da Bahia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Julio César de Souza

    2008-06-01

    Full Text Available The present study had the objective to analyze the application of non-linear models to describe the growth of crossbred Santa Inês x Texel sheep and, then define the best adjusted model, to evaluate the influence of environmental factors (sex, birth month and type of parturition over curve parameters. Data based on 24 weights, 15 days each, of 75 animals from birth up to 365 days of age were used. The non-linear models evaluated were: Brody, Von Bertalanffy, Richards, Logistic and Gompertz. The models Von Bertalanffy and Gompertz presented the best adjustment at the initial growth period. However, the Logistic model provided the best adjustment from 120 days of age and the lowest genetic divergence in relation to the observed average weight and, therefore, it was considered the more appropriate growth model within the studied period. An accentuated decrease in the absolute growth rate was observed after weaning and nutritional strategies should be performed to avoid the low weight gain at this stage. Environmental factors had no effects on the Logistic curve parameters, excepting the parturition kind, which influenced the parameter m. The correlation estimated between the parameters A and k was negative (-0.44, indicating that fast-growing young animals are less likely to reach higher weights when adults.O objetivo deste estudo foi analisar modelos não lineares para descrever o crescimento em ovinos mestiços ½Santa Inês x ½Texel e, após a definição do modelo de melhor ajuste, avaliar a influência de fatores ambientais (sexo, mês de nascimento e tipo de parto sobre os parâmetros da curva. Foram utilizados dados de 24 pesagens (quinzenais de 75 animais do nascimento aos 365 dias de idade. Os modelos não lineares utilizados foram: Brody, Von Bertalanffy, Richards, Logístico e Gompertz. Os modelos Von Bertalanffy e Gompertz apresentaram o melhor ajuste na fase inicial de crescimento. O modelo Logístico apresentou melhor ajuste a

  4. Clinical observations and acid-base imbalances in sheep during chronic copper poisoningAvaliação clínica e hemogasométrica de ovinos com intoxicação cúprica acumulativa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Clara Satsuk Mori

    2011-08-01

    Full Text Available Twelve male sheep were intoxicated with copper and four served as controls. When hemoglobinuria was first diagnosed, the poisoned sheep were randomly distributed into two groups: 4 untreated and 8 tetratiomolybdate-treated. Blood samples and clinical evaluation were performed daily, from the onset of poisoning until the 30th day. Analysis of packed cell volume, plasma free hemoglobin, and blood gas were made. Elevated heart rates and rectal temperature, and reduced respiratory and ruminal movement rates were recorded in the intoxicated group. The poisoned sheep developed mild alkalosis caused by bicarbonate retention, while a short-periodic increase of pCO2 occurred to compensate the ongoing alkalosis. Elevated degree of anemia was directly proportional to heart rate, while high degree of alkalosis was inversely proportional to respiratory rate. Further, there was an elevated positive relationship between plasma free hemoglobin and rectal temperature, and an increase in rectal temperature accompanied a reduced ruminal movement.Foram utilizados 16 cordeiros, sendo 12 submetidos à intoxicação cúprica e quatro animais controle. Quando foi verificada a presença de hemoglobinúria, os animais intoxicados foram aleatoriamente distribuídos em dois grupos, quatro animais não tratados e oito animais tratados com tetratiomolybidato de amônia. Foi realizado exame clínico e coleta de sangue diariamente desde o início da intoxicação até 30 dias após. Foram analisados o volume globular, concentração de hemoglobina plasmática e avaliação hemogasométrica. Nos animais intoxicados, foi observado elevação da freqüência cardíaca e da temperatura retal e redução da freqüência respiratória e dos movimentos ruminais. Os ovinos intoxicados desenvolveram alcalose moderada causada por retenção de bicarbonato seguido de um aumento pontual da pCO2 para compensar a alcalose em curso. Quanto maior o grau de anemia foi maior a freqüência card

  5. Níveis de proteína em suplementos para terminação de bovinos em pastejo durante o período de transição Seca/Águas: digestibilidade aparente e parâmetros do metabolismo ruminal e dos compostos nitrogenados Effects of feeding different protein levels of supplements to finishing cattle in pasture during the dry to rainy transition season on apparent digestibility and metabolism of ruminal and nitrogenous compounds

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edenio Detmann

    2005-08-01

    Full Text Available Avaliaram-se aspectos das digestibilidades aparente total e parcial e parâmetros do metabolismo ruminal e dos compostos nitrogenados em novilhos mestiços suplementados durante a fase de transição entre os períodos seco e chuvoso. Foram utilizados cinco novilhos mestiços holandês x zebu com idade e peso médios iniciais de 24 meses e 304 kg, manejados em cinco piquetes de B. decumbens (0,34 ha. Foram fornecidos suplementos (4 kg/animal/dia constituídos por fubá de milho, grão de soja integral, uréia, sulfato de amônia e mistura mineral, sendo formulados para apresentarem níveis de 12; 16; 20 e 24% de proteína bruta (PB, com base na matéria natural. O experimento foi conduzido em quatro períodos experimentais de 21 dias, sendo analisado por delineamento em quadrado latino 4x4. O quinto animal foi mantido sem suplementação e utilizado como medida de comparação descritiva (SAL. Não foram observados efeitos da composição dos suplementos sobre a digestibilidade total e parcial da matéria seca, matéria orgânica (MO e fibra em detergente neutro e sobre os fluxos abomasais de nitrogênio (N total, amoniacal e microbiano (NMIC. Os níveis de N amoniacal ruminal foram incrementados linearmente pela elevação dos níveis de PB dos suplementos. A eficiência de síntese microbiana apresentou valor médio de 17,5 g NMIC/kg MO fermentada no rúmen (MOFR para os suplementos, sendo superior a SAL (10,6 g NMIC/kg MOFR. A elevação dos níveisThe objective of this trial was to evaluate ruminal, intestinal, and total tract apparent digestibilities of nutrients as well as metabolism of ruminal and nitrogenous compounds in supplemented finishing cattle during the drought to rainy transition season. Five Holstein x Zebu steers averaging 304 kg of live weight and 24 months of age located in five paddocks (0.34 ha each of Brachiaria decumbens were used in this trial. The supplements fed (4 kg/animal/day contained ground corn, whole soybean

  6. Cana-de-açúcar em substituição à silagem de milho em dietas para vacas em lactação: parâmetros digestivos e ruminais Effects of replacing corn silage with sugarcane on production and ruminal metabolism of lactating dairy cows

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Luiz Rodrigues Magalhães

    2006-04-01

    Full Text Available O experimento foi realizado com o objetivo de avaliar a substituição da silagem de milho por cana-de-açúcar em dietas para vacas leiteiras. Foram avaliados quatro níveis de substituição (0; 33,3; 66,6 e 100% de silagem de milho por cana-de-açúcar para o estudo do consumo e da digestibilidade aparente dos nutrientes e a determinação do pH e da concentração de compostos nitrogenados amoniacais (N-NH3 do líquido ruminal e da taxa de passagem ruminal da digesta. Doze vacas da raça Holandesa, puras e mestiças, com potencial para produção de 5.000 a 7.000 kg de leite por lactação, foram distribuídas em três quadrados latinos 4 x 4 balanceados, conforme o período de lactação. Os animais foram mantidos em baias individuais, onde receberam as dietas (ad libitum, duas vezes ao dia, com relação volumoso:concentrado 60:40, durante 84 dias experimentais. O aumento do nível de substituição de silagem de milho por cana-de-açúcar promoveu redução linear do consumo de todos os nutrientes, exceto lignina e carboidratos não-fibrosos. A substituição não afetou as digestibilidades da matéria seca, da matéria orgânica e da proteína bruta. A digestibilidade da fibra em detergente neutro apresentou redução acentuada, enquanto a dos carboidratos não-fibrosos aumentou. O pH ruminal não foi influenciado pelas dietas, apresentando comportamento quadrático conforme o tempo após alimentação. As concentrações de amônia ruminal apresentaram comportamento quadrático de acordo com as dietas e o tempo de alimentação. A taxa de passagem ruminal da digesta diminuiu e o tempo médio de retenção total aumentou com a substituição, o que pode explicar a redução no consumo. A silagem de milho pode ser substituída em até 33% pela cana-de-açúcar para vacas com produções médias diárias de 24 kg de leite.This trial was conducted to evaluate the effects of replacing corn silage with sugarcane on intake, apparent

  7. Níveis de proteína em suplementos para terminação de bovinos em pastejo durante o período de transição Seca/Águas: digestibilidade aparente e parâmetros do metabolismo ruminal e dos compostos nitrogenados

    OpenAIRE

    Detmann,Edenio; Paulino,Mário Fonseca; Valadares Filho,Sebastião de Campos; Cecon,Paulo Roberto; Zervoudakis,Joanis Tilemahos; Cabral,Luciano da Silva; Gonçalves,Lúcio Carlos; Valadares,Rilene Ferreira Diniz

    2005-01-01

    Avaliaram-se aspectos das digestibilidades aparente total e parcial e parâmetros do metabolismo ruminal e dos compostos nitrogenados em novilhos mestiços suplementados durante a fase de transição entre os períodos seco e chuvoso. Foram utilizados cinco novilhos mestiços holandês x zebu com idade e peso médios iniciais de 24 meses e 304 kg, manejados em cinco piquetes de B. decumbens (0,34 ha). Foram fornecidos suplementos (4 kg/animal/dia) constituídos por fubá de milho, grão de soja integral...

  8. Parâmetros ruminal, sangüíneo e urinário e digestibilidade de nutrientes em novilhas leiteiras recebendo diferentes níveis de monensina Effects of different dietary levels of monensin on nutrient digestibility and on ruminal, blood and urinary metabolites in dairy heifers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcus Vinicius Morais de Oliveira

    2005-12-01

    Full Text Available Objetivou-se verificar a influência da inclusão de diferentes níveis do ionóforo monensina sódica na dieta sobre os parâmetros ruminal, sangüíneo e urinário e a digestibilidade aparente em novilhas leiteiras. Foram coletadas amostras de líquido ruminal (imediatamente antes e duas horas após a alimentação, sangue, urina e fezes de 28 novilhas da raça Holandesa mantidas em regime de confinamento por 84 dias. As dietas possuíam 32,84% de concentrado (grão de milho, farelo de soja, uréia e mistura mineral, 33,58% de silagem de milho e 33,58% de cana-de-açúcar na matéria seca. Os níveis de ionóforo avaliados foram 0, 14, 28 e 42 mg de monensina/kg de matéria seca da dieta. O experimento foi instalado conforme delineamento inteiramente casualizado, com quatro tratamentos e sete repetições, realizando-se estudos de regressão e contrastes ortogonais. Antes da alimentação, a monensina não influenciou o pH ruminal e a concentração de amônia e dos ácidos acético, propiônico e butírico, mas promoveu redução da relação acetato:propionato. Duas horas após a alimentação, verificou-se redução do pH e da relação acetato:propionato; e aumento da concentração de ácido propiônico. O estudo de contrastes revelou que ocorreu diminuição da concentração de amônia antes da alimentação. Não foram verificadas mudanças significativas nas concentrações de glicose e uréia sangüínea. A monensina também não influenciou os consumos de matéria seca (MS, matéria orgânica, proteína bruta, extrato etéreo (EE, carboidratos totais (CHOT e fibra em detergente neutro. As digestibilidades da MS, EE e CHOT e a perda de nitrogênio urinário apresentaram respostas quadráticas.The objective of this trial was to study the effects of different dietary levels of the ionophore monensin on apparent digestibility of nutrients and on ruminal, blood, and urinary metabolites in dairy heifers. Samples of ruminal fluid (pre

  9. Consumo, digestibilidade dos nutrientes e parâmetros ruminais em bovinos alimentados com silagem de capim-mombaça Intake, digestibilities of the nutrients, and ruminal variables in cattle fed Mombaça-grass silage

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    B.R. Vieira

    2010-10-01

    Full Text Available Avaliaram-se o consumo, a digestibilidade aparente total e parcial dos nutrientes, o pH e a concentração de amônia ruminal em bovinos alimentados com silagem de capim-mombaça e concentrado nas seguintes proporções: 80:20, 65:35, 50:50 e 35:65, com base na matéria seca. Foram utilizados quatro animais Holandês x Zebu, com peso corporal médio inicial de 229kg, canulados no rúmen e abomaso, e distribuídos em quadrado latino 4x4. Os consumos de matéria seca (MS, matéria orgânica (MO, proteína bruta (PB, extrato etéreo (EE e carboidratos totais (CHOT, expressos em kg/dia, e a digestibilidade parcial dos carboidratos não fibrosos (CNF apresentaram comportamento linear crescente, com resposta platô nos níveis de concentrado de 54,1; 54,8; 52,9; 62,2; 55,2 e 52,7%. O consumo dos demais nutrientes, exceto da fibra em detergente neutro (FDN, e as digestibilidades aparente total de MS, MO e CNF e a parcial de MO aumentaram linearmente com o incremento do concentrado nas dietas. Não foram encontradas diferenças no consumo e nas digestibilidades aparente total e parcial da FDN. Para concentração de amônia e pH ruminal, observou-se efeito quadrático de tempo de amostragem, com valores máximos de 24,76mg/dL e 6,53 em 2,8 e 3,5 horas após a alimentação, respectivamente.Intake; total and partial digestibilities of nutrients; and ruminal pH and ammonia concentration were evaluated in beef cattle fed Mombaça-grass silage and concentrate at the following proportions: 80:20, 65:35, 50:50, and 35:65, in the dry matter basis. Four Holstein x Zebu steers, with average live weight of 229kg, fitted with ruminal and abomasal canullae, were used. The animals were allotted in a 4x4 latin square design. The intakes of dry matter (DM, organic matter (OM, crude protein (CP, ether extract (EE, and total carbohydrates (kg/day, as well the partials digestibilities of non fibrous carbohydrates (NFC increased linearly with plateau at the concentrate

  10. Farelo da vagem de algaroba em dietas para cabras lactantes: parâmetros ruminais e síntese de proteína microbiana Mesquite pod meal in diets of lactating goats: ruminal parameters and microbial efficiency synthesis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lizziane da Silva Argôlo

    2010-03-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar os efeitos da adição de farelo da vagem de algaroba (0; 33,3; 66,7 e 100% em substituição ao fubá de milho sobre a excreção de derivados de purina, estimada com coleta total de urina, e sobre os parâmetros ruminais (pH, amônia e ácidos graxos voláteis de cabras em lactação. Utilizaram-se oito cabras adultas lactantes distribuídas em dois quadrados latinos 4 × 4 e alimentadas com dietas isoproteicas, compostas de 40% de silagem de capim-elefante e 60% de concentrado. Não houve efeito significativo da adição de farelo da vagem de algaroba sobre os parâmetros ruminais. O pH manteve-se em faixa adequada, entre 6,85 e 7,03, e a concentração média de nitrogênio amoniacal ruminal foi de 6,97 mg de N/100 mL de fluido ruminal. As concentrações de acetato e propionato variaram de 9,47 a 10,54 e de 4,79 a 6,58 mM, respectivamente. As excreções (mmol/dia de alantoína, ácido úrico, xantinahipoxantina, a quantidade (mmol/dia de purinas absorvidas, o fluxo intestinal (g/dia de nitrogênio microbiano e a eficiência de síntese microbiana (PM/kg NDT apresentaram resposta linear negativa à substituição do fubá de milho pelo farelo da vagem de algaroba. A estimativa da síntese de proteína microbiana em cabras deve ser calculada pela excreção de derivados de purinas a partir de equações obtidas com caprinos.The objective of this study was to evaluate the effect of adding mesquite pod meal (0, 33.3, 66.7 and 100% to substitute corn meal on purin derivative the excretion, estimated by total urine collection, and on the ruminal parameters (pH, ammonia and volatile fatty acids. Eight lactating goats were used and distributed in a 4 × 4 Latin square and fed iso-protein diets consisting of 40% elephant grass silage and 60% concentrate. There was no significant effect from adding mesquite pod meal on the ruminal parameters. The pH ranged from 6.85 to 7.03 and the ruminal ammonia concentration averaged 6.97 mg

  11. Caracterización de diez cultivares forrajeros de Leucaena leucocephala basada en la composición química y la degradabilidad ruminal

    OpenAIRE

    García M., Danny; Wencomo G., Hilda; González C., Miriam; Medina, María; Cova O., Luis

    2008-01-01

    Objetivo. Estudiar las variaciones en la composición química y la degradabilidad ruminal de diez cultivares de Leucaena leucocephala Lam. de Wit. mediante el análisis de componentes principales (ACP). Materiales y métodos. Se tomaron muestras durante tres años para evaluar la composición química, los niveles de metabolitos secundarios y la degradabilidad ruminal en ovinos. Los datos fueron analizados con el paquete estadístico SPSS y mediante el diagrama tridimensional se obtuvieron las agrup...

  12. CARACTERIZACIÓN DE DIEZ CULTIVARES FORRAJEROS DE Leucaena leucocephala BASADA EN LA COMPOSICIÓN QUÍMICA Y LA DEGRADABILIDAD RUMINAL

    OpenAIRE

    García M, Danny; Hilda, Wencomo G; Gonzáles C, Miriam; Medina R, María; Cova O, Luis

    2008-01-01

    Objetivo. Estudiar las variaciones en la composición química y la degradabilidad ruminal de diez cultivares de Leucaena leucocephala Lam. de Wit. mediante el análisis de componentes principales (ACP). Materiales y métodos. Se tomaron muestras durante tres años para evaluar la composición química, los niveles de metabolitos secundarios y la degradabilidad ruminal en ovinos. Los datos fueron analizados con el paquete estadístico SPSS y mediante el diagrama tridimensional se obtuvieron las agrup...

  13. Plantas tóxicas para ruminantes e equídeos da microrregião do Cariri Cearense Plant poisonings in ruminants and horses in Southern Ceará, Northeastern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cícero Wanderlô Casimiro Bezerra

    2012-06-01

    Full Text Available Em um levantamento, feito no período de agosto de 2009 a novembro de 2010, sobre as plantas tóxicas para ruminantes e equídeos no Cariri Cearense (municípios de Juazeiro do Norte, Crato, Barbalha e Missão Velha, foram realizadas 21 entrevistas a produtores, médicos veterinários, engenheiros agrônomos e técnicos agropecuários. As intoxicações por Ipomoea asarifolia, mencionada por 38% e 19% dos entrevistados como tóxicas para bovinos e ovinos, respectivamente, e Enterolobium contotisiliquum, mencionada como tóxica para bovinos (47,6% dos entrevistados e ovinos (4,7% foram as mais frequentemente mencionadas. Ocorrem, também, na região, intoxicações por Mascagnia rigida (mencionada por 38% do entrevistados, Anadenanthera colubrina var. cebil (=A. macrocarpa (14%, Ricinus communis (14%, Thiloa glaucocarpa (9% e Sorghum halepense (4% em bovinos, Brachiaria decumbens em ovinos e bovinos (38%, Mimosa tenuiflora em ovinos, caprinos e bovinos (38%, Manihot spp. em bovinos e caprinos (28% e Leucaena leucocephala em ovinos e equinos (4%. Seis plantas não conhecidas anteriormente como tóxicas, mas mencionadas como causa de intoxicação pelos entrevistados, foram testadas experimentalmente em diferentes doses. Somente Casearia commersoniana resultou tóxica para caprinos na dose diária de 20g kg-1 de peso vivo por 2-4 dias. Os sinais clínicos, semelhantes aos descritos pelos produtores, foram de relutância em movimentar-se, meteorismo discreto, polaquiúria, vocalização, ingurgitamento da jugular e pulso jugular, andar cambaleante, quedas, espasticidade dos membros, movimentos de pedalagem, opistótono, taquicardia e taquipneia, seguidos de bradicardia e bradipnéia. A morte ocorreu 6 e 19 horas após o início dos sinais. Não foram encontradas lesões macroscópicas nem histológicas de significação. Conclui-se que as intoxicações por plantas são uma causa importante de perdas econômicas para a região, cuja população

  14. Eficiência microbiana, fluxo de compostos nitrogenados no abomaso, amônia e pH ruminais, em bovinos recebendo dietas contendo feno de capim-tifton 85 de diferentes idades de rebrota Microbial efficiency, abomasal nitrogen compounds flow, ruminal ammonia and ruminal pH in cattle fed diets containing tifton 85 bermudagrass hays at different regrowth ages

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Karina Guimarães Ribeiro

    2001-04-01

    Full Text Available Avaliaram-se a eficiência de síntese microbiana, o fluxo de compostos nitrogenados no abomaso, o balanço de compostos nitrogenados, a taxa de passagem da digesta ruminal, a concentração de amônia e o pH ruminais, em bovinos recebendo rações contendo feno de capim-tifton 85 de diferentes idades de rebrota. Utilizaram-se quatro animais zebu, com peso médio de 340 kg, fistulados no rúmen e abomaso, distribuídos em um delineamento em quadrado latino 4 x 4. Todas as rações continham 60% de volumoso e 40% de concentrado. O volumoso foi constituído de feno de capim-tifton 85 de 28, 35, 42 e 56 dias de idade e o concentrado continha fubá de milho e mistura mineral. Os microorganismos ruminais foram quantificados utilizando-se as bases purinas como indicador. O pH e N-amoniacal foram mensurados, no fluido ruminal, antes e 2; 4 e 6 horas após o fornecimento da ração. A taxa de passagem foi determinada pelo modelo unicompartimental, utilizando-se o óxido crômico como indicador. As eficiências de síntese microbiana não foram influenciadas pela idade do feno na ração, apresentando valores médios de 31,32 g Nbact/kg MODR; 30,74 g Nbact/kg CHODR; 337,4 g MSbact/kg CHODR; e 12,5 g PBbact/100 g NDT. Estimaram-se máximos fluxos de compostos nitrogenados totais, amoniacais e não-amoniacais, de 119,0; 9,76; e 109,6 g/dia, com a inclusão de feno com 39,7; 37,6; e 39,9 dias de idade, respectivamente, e fluxo de compostos nitrogenados bacterianos de 80,54 g/dia, em média. O balanço de nitrogênio, a taxa de passagem, as concentrações de amônia e o pH ruminais também não foram influenciados pela idade do feno na ração, encontrando-se valores de 30,67 g/dia; 3,2%/h; 9,7 mg/100mL (máximo às 1,38h e 6,08 (mínimo às 6,64h, respectivamente.The microbial efficiency synthesis, the abomasum nitrogen compounds flow, the nitrogen compounds balance, the passage rate of ruminal digest, the ruminal ammonia concentration and ruminal pH in

  15. Inoculação microbiana da silagem de alfafa (Medicago sativa e seu efeito sobre o consumo de matéria seca e sobre a fermentação ruminal em bovinos - DOI: 10.4025/actascianimsci.v25i2.2074 Microbial inoculation of alfalfa silage (Medicago sativa and its effect on dry matter intake and ruminal fermentation in bovines - DOI: 10.4025/actascianimsci.v25i2.2074

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Henrique Mazza Rodrigues

    2003-04-01

    Full Text Available O objetivo do presente estudo foi avaliar os efeitos da inoculação microbiana da alfafa (Medicago sativa para ensilagem sobre o consumo de matéria seca, fermentação ruminal e taxa de passagem de líquidos em bovinos. Doze vacas não-gestantes e não-lactantes foram distribuídas em um delineamento em blocos, e os tratamentos corresponderam à silagem pré-secada de alfafa (60% de MS e 19,5% de PB controle ou inoculada com o produto Silobac® (Lactobacillus plantarum e Pediococcus pentosaceus. A dieta experimental continha 50% de silagem de alfafa e 50% de concentrado. O experimento teve duração total de 21 dias, sendo o 21º dia utilizado para colheitas de líquido ruminal realizadas às 0h, 2h, 4h, 6h, 8h, 10h e 12h, após a 1a refeição. A inoculação microbiana da silagem de alfafa não alterou o consumo de MS (inoculada = 2,56 vs. controle = 2,39% PV, o pH do líquido ruminal (6,15 vs. 6,27, a concentração ruminal de N-NH3 (19,0 vs. 18,2mg/dl, a concentração total de AGVs (122,5 vs. 113,8mM ou a proporção molar de ácido acético (66,1 vs. 66,8% molar, propiônico (21,1 vs. 19,6% molar e butírico (12,8 vs. 13,6% molar. Parâmetros relativos à dinâmica líquida ruminal, como o volume líquido (59,5 vs. 63,4 litros e a taxa de passagem de líquidos (8,6 vs. 8,0%/h, também não foram alterados com a inoculação.The objective of this study was to evaluate the effects of microbial inoculation of alfalfa (Medicago sativa for ensiling on dry matter intake, ruminal fermentation and liquid passage rate in twelve non pregnant dry cows. A randomized block design was used and the treatments were alfalfa haylage control (60% DM and 19.5% CP or inoculated with Silobac® product (Lactobacillus plantarum and Pediococcus pentosaceus. Experimental diet contained 50% of alfalfa silage and 50% of concentrate. Experimental period lasted for twenty-one days; the 21st day was used for ruminal liquid sampling at 0, 2, 4, 6, 8, 10 e 12 hours

  16. Características e rendimentos de carcaça e de cortes em ovinos Santa Inês, alimentados com diferentes concentrações de energia metabolizável - doi: 10.4025/actascianimsci.v32i4.9684 Characteristics and yields of carcass and cuts in Santa Ines sheep fed with different concentrations of metabolizable energy - doi: 10.4025/actascianimsci.v32i4.9684

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Gilson Louzada Regadas Filho

    2010-10-01

    Full Text Available O objetivo do estudo foi avaliar o ganho de peso (GMD, conversão alimentar (CA, eficiência alimentar (EA, características de carcaça e dos cortes comerciais de ovinos Santa Inês, alimentados com diferentes concentrações de energia metabolizável (2,08; 2,28; 2,47 e 2,69 Mcal de EM kg-1 de MS. Vinte cordeiros, com idade e peso corporal médio de 50 dias e 13,00 ± 0,56 kg, respectivamente, foram distribuídos em blocos casualizados, com cinco repetições. Verificou-se efeito linear crescente (p 0,05 pelos níveis energéticos das rações. No entanto, os pesos de carcaça quente e fria, e o peso do corpo vazio, expressos em kg, apresentaram efeito quadrático (p This study evaluated the weight gain (ADG, feed conversion (FC, feed efficiency (FE, characteristics of carcass and retail cuts of Santa Inês sheep fed different levels of metabolizable energy (2.08, 2.28, 2.47 and 2.69 Mcal kg-1 of DM. Twenty lambs, with age and mean body weight of 50 days and 13 ± 0.56 kg, respectively, were distributed in randomized block design with five replications. We verified a linear increase effect (p 0.05 by the energy levels of the rations. Nevertheless, the weights of hot and cold carcass and theempty body , expressed in kg, presented quadratic effect (p < 0.05, as we increase the levels of metabolizable energy in experimental diets. The energy levels influenced the yield of rib and shoulder, as the loin eye area (p < 0.05. In conclusion, the manipulation of the energy level of the ration changes the ADG, the hot and cold carcass weight, the shoulder yield, the rib weight and the loin eye area of Santa Ines sheep.

  17. Desempenho bioeconÃmico de ovinos alimentados com raÃÃes contendo farelo de mamona destoxificado

    OpenAIRE

    Marieta Maria Martins Vieira

    2009-01-01

    Objetivou-se avaliar o efeito da substituiÃÃo do farelo de soja pelo farelo de mamona destoxificado sobre o consumo e o desempenho de ovinos. Foram utilizados 20 borregos, mestiÃos, machos, inteiros, com peso vivo mÃdio de 19,3 Â 1,35 kg e idade mÃdia de 7 meses, e distribuÃdos aleatoriamente em quatro tratamentos de 0, 50, 75 ou 100% de substituiÃÃo, com base na matÃria seca. O volumoso utilizado foi o feno de capim-elefante. As raÃÃes foram fornecidas diariamente em duas refeiÃÃes, coletand...

  18. Intoxicações por plantas em ruminantes e equídeos no Sertão Paraibano Plant poisonings in ruminants and equidae in the Sertão of Paraiba, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tales S. Assis

    2009-11-01

    Full Text Available Foi realizado um levantamento das intoxicações por plantas em 20 municípios do Sertão Paraibano, onde foram entrevistados 50 produtores e 11 médicos veterinários. De acordo com o levantamento realizado, Ipomoea asarifolia e Mascagnia rigida são as intoxicações mais importantes. Indigofera suffruticosa, as plantas cianogênicas (Sorghum vulgare, Piptadenia macrocarpa e Manihot spp., Mimosa tenuiflora, Aspidosperma pyrifolium e Crotalaria retusa são plantas importantes como causa de intoxicações na região. Os entrevistados relataram casos esporádicos de intoxicação por Ricinus communis, Enterolobium contortisiliquum, Prosopis juliflorae Brachiaria decumbens. Ziziphus joazeiro, Passiflora sp., Caesalpina ferrea e Crescentia cujete foram mencionadas como causa de abortos em ruminantes. Frutos de Crescentia cujete foram administrados a duas cabras prenhes causando mortalidade perinatal e abortos. As cascas de feijão (Phaseolus vulgaris e Vigna unguiculata e as folhas de Licania rigida (oiticica são associadas à sobrecarga ruminal em bovinos. As frutas de Mangifera indica (mangae Anacardium occidentale (cajú são responsabilizadas por causarem intoxicação etílica. Dalechampia sp. e Croton sp. foram citadas pelos entrevistados como possíveis plantas tóxicas, que ainda não tiveram sua toxicidade comprovada.A survey of plant poisoning in ruminants and equidae was conducted in 20 municipalities of the semiarid region of the Sertão Paraibano. Fifty farmers and 11 veterinary practitioners were interviewed. Ipomoea asarifolia and Mascagnia rigida are the most important poisonous plants in the region. Indigofera suffruticosa, the cianogenic plants (Sorghum vulgare, Piptadenia macrocarpa, and Manihot spp., Mimosa tenuiflora, Aspidosperma pyrifolium and Crotalaria retusa cause also important intoxications in the area. Sporadic outbreaks of poisonings by Ricinus communis, Enterolobium contortisiliquum, Prosopis juliflora and Brachiaria

  19. Avaliação das características do líquido ruminal, hemogasometria, atividade pedométrica e diagnóstico de laminite subclínica em vacas leiteiras

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mirian Rodrigues

    2013-12-01

    Full Text Available Este estudo objetivou avaliar as características do líquido ruminal, hemogasometria, atividade pedométrica e ocorrência laminite subclínica, por meio da presença de enfermidades podais secundárias, em vacas leiteiras de alta produção, provenientes de um rebanho comercial. Foram avaliadas 200 vacas holandesas, oriundas da mesma propriedade, localizada na região de Araçatuba, SP, divididas em quatro grupos, sendo estes estabelecidos a partir da produtividade diária. Inicialmente procedeu-se o exame clínico dos animais, seguido da colheita de amostras do líquido ruminal, por meio de sondagem esofágica, sendo este avaliado quanto ao pH, cor, odor, consistência, sedimentação, flutuação e prova de redução pelo azul de metileno. Também foram colhidas amostras de sangue venoso para hemogasometria, além da coleta dos dados da pedometria (número de passos e produção de leite diária das vacas. Os dados obtidos foram tabulados e submetidos à análise de correlação. Nenhum animal avaliado apresentou alterações no pH ruminal, bem como não foram encontrados distúrbios do desequilíbrio ácido básico, pois os valores de pH sanguíneo, PCO2, TCO2, HCO3- e EB estavam dentro da normalidade, durante a análise hemogasométrica. A pedometria foi efetiva como método de triagem para as vacas acometidas de afecções podais, pois se observou a redução no número de passos devido à dor, correlacionada a menor produção leiteira. Contudo, a identificação destas afecções, somente foi possível mediante exame clínico específico dos dígitos. A ocorrência das afecções podais em 49,5% do rebanho deveu-se aos fatores de riscos presentes na propriedade, como o concreto abrasivo e instalações inadequadas, associados também a possível ocorrência de acidose ruminal subaguda, não diagnosticada pela metodologia utilizada. A correlação entre os valores do pH ruminal, pedometria e hemogasometria se mostrou eficiente para o

  20. Evolução das lesões histológicas e ultra-estruturais no fígado de ovinos e bovinos experimentalmente intoxicados por Myoporum laetum

    OpenAIRE

    Bonel-Raposo Josiane; Driemeier David; Barros Severo Sales; Gevehr-Fernandes Cristina

    2003-01-01

    Amostras de Myoporum laetum foram colhidas durante a primavera e verão e administradas a cinco ovinos e seis bovinos em doses únicas de 20 e 30 g/kg. Biópsias hepáticas foram colhidas antes (controles) e 1, 3 e 7 dias após a dosagem da planta. Estas biópsias foram analisadas histológica e ultra-estruturalmente. Os sinais clínicos, em ovinos, caracterizaram-se, especialmente, por depressão, diminuição dos movimentos ruminais, fezes ressequidas, tenesmo, ranger de dentes, dispnéia e lesões típi...

  1. Protein and energy supplementation on the voluntary intake and ruminal parameters in steers Suplementação proteico-energética sobre o consumo voluntário e parâmetros ruminais em novilhos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcella Cândia D’Oliveira

    2010-06-01

    Full Text Available The aim of this work was to evaluate the effects of protein and supplementation in ruminal parameters behaviour (pH and NH3-N, voluntary feed intake of hay, dry mater (DM and neutral detergent fiber (NDF degradability of hay. There were used five crossbred steers with mean live weight of 290kg. It were fed with Coast-cross (Cynodon dactilon ad libitum hay and submitted to five different treatments, a control group received mineral mixture and hay ad libitum and four groups with various levels of protein and energy supplementation (0.25; 0.50; 1.00 and 1.50kg DM/100kg of live weight (LW/day. The ruminal pH varied from 6.62 to 6.33. Ruminal pH decreased with the increasing level of supplementation, but the only difference occurence between the control group and concentrate group 1.5kg DM/100kg LW/day. Ruminal NH3-N varied from 4.42mg to 75.11mg in the ruminal fluid. There were differences between supplementation levels, time of ruminal fluid collected and the relation between both aspects. Also 1.50% of LW showed the highest NH3-N concentration. No influence of protein and energy supplementation levels was observed for dry mater intake, crude protein and neutral detergent fiber intakes of hay. The DM and NDF potencial (maximum degration (57.49% and 49.44% respectively was achieved after 96 hours incubation. The supplementation had no influence on DM and NDF hay degradation, except in the 1.5kg DM/100kg LW/day.Objetivou-se avaliar os efeitos da suplementação proteico-energética sobre o comportamento dos parâmetros ruminais (pH e N-NH3, consumo voluntário de volumoso e a degradabilidade da matéria seca (MS e da fibra em detergente neutro (FDN do volumoso. Foram utilizados cinco novilhos mestiços com peso vivo médio inicial de 290kg, alimentados ad libitum com feno de Coast-cross (Cynodon dactylon e submetidos a cinco tratamentos, constituídos de quatro níveis de suplementação proteico-energética (0,25; 0,50, 1,00 e 1,50kg MS/100kg do

  2. Fotossensibilização primária em eqüídeos e ruminantes no semi-árido causada por Froelichia humboldtiana (Amaranthaceae Primary photosensitization in equidae and ruminants in the Brazilian semi-arid caused by Froelichia humboldtiana (Amaranthaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciano A. Pimentel

    2007-01-01

    Full Text Available Fotossensibilização é freqüente em eqüinos no semi-árido da região Nordeste, mas jumentos, mulas, ovinos e bovinos são, também, afetados. A dermatite afeta, principalmente, áreas de pele despigmentadas e os animais se recuperam após serem retirados das pastagens. Para comprovar a etiologia da enfermidade Froelichia humboldtiana (Roem. et Schult. Seub., coletada no campo foi administrada no mesmo dia da colheita ou após ser mantida em refrigerador por 1-4 dias, por períodos de 30 ou mais dias, ad libitum como único alimento, a 2 jumentos e um ovino branco e, como único alimento volumoso, a um eqüino branco. Esses animais não manifestaram sinais clínicos e as atividades séricas de gama-glutamiltransferase (GGT, aspartato-aminotransferase (AST e alanino-aminotransferase (ALT ficaram dentro dos valores normais. Em outro experimento, um ovino foi colocado a pastar diariamente, durante o dia, preso por uma corda em uma área que tinha exclusivamente F. humboldtiana, por um período de 26 dias. Lesões características de fotossensibilização foram observadas 4-5 dias após o início do experimento. Após cessar o consumo da planta, no 26º dia, o ovino recuperou-se totalmente em 30 dias. Em outro experimento, 4 ovinos foram também colocados, presos por cordas, na mesma área. Outros 4 permaneceram como controles em uma pastagem vizinha, mas sem F. humboldtiana. Lesões de pele, características de fotossensibilização foram observadas após 11-25 dias de consumo de F. humboldtiana. As atividades séricas de AST e GGT, e os níveis de bilirrubina sérica permaneceram dentro dos valores normais. No final do período de permanência em pastagens de F. humboldtiana, 2 ovinos foram abatidos e 2 foram retirados da pastagem. Os que foram abatidos não apresentaram lesões macroscópicas nem histológicas do fígado; os outros dois se recuperaram das lesões da pele 17 e 20 dias após o fim do pastejo. Uma égua e seu potro foram

  3. Composição química, digestibilidade e cinética de degradação ruminal das silagens de híbridos de girassol em diferentes épocas de semeadura Effects of sowing dates on chemical composition, digestibility and ruminal degradation kinetics of silages from sunflower hybrids

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renius Mello

    2006-08-01

    Full Text Available Objetivou-se estimar o valor nutritivo das silagens de quatro híbridos de girassol - Rumbosol-91 (forrageiro, M-734 (duplo-propósito, C-11 (duplo-propósito e BRS-191 (granífero - semeados em três épocas: outubro (antecipada, novembro (normal e dezembro (tardia - por meio de análises químicas, da digestibilidade e da cinética de degradação ruminal. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso, com arranjo fatorial 4 x 3 (quatro híbridos x três épocas de semeadura e três repetições. Os teores de MS variaram de 23,2 a 43,0%; o pH, de 4,0 a 5,1; e o N-NH3%/NT, de 5,3 a 16,8%. Os teores de CZ oscilaram de 6,8 a 8,8% e aumentaram da semeadura em outubro para dezembro. O Rumbosol-91 apresentou teores menores de EE e maiores de N na parede celular, de N indisponível e de carboidratos totais (CHOT. Os teores de PB aumentaram e os de CHOT diminuíram de outubro para dezembro. A semeadura de novembro e o C-11 apresentaram menores teores de FDN, FDNcp e FDA. O C-11 semeado em novembro apresentou menor teor de LDA. A semeadura de outubro e o Rumbosol-91 tiveram maior proporção de LDA%/FDN. O Rumbosol-91 apresentou maior DIVMS e DIVFDN. A semeadura de novembro e os híbridos C-11 e M-734 apresentaram maior teor de NDT. O desaparecimento da MS pode ser representado por um único perfil de degradação. A proporção de FDN indegradável (I aumentou da semeadura em outubro para dezembro, com maiores valores para o BRS-191 semeado em dezembro. A extensão (Vf1 e a taxa (k1 de degradação da fração solúvel de rápida digestão diminuíram da semeadura em outubro para dezembro, com maiores valores para o Rumbosol-91 semeado em outubro. A relação entre análise química, digestibilidade, NDT e cinética de degradação ruminal foi melhor para os híbridos M-734 e C-11 semeados em novembro.The objective of this trial was to estimate chemical composition, digestibility and ruminal degradation kinetics of silages from four sunflower

  4. Estimação de teores de componentes fibrosos em alimentos para ruminantes em sacos de diferentes tecidos Estimation of fibrous compounds contents in ruminant feeds with bags made from different textiles

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Oliveira Casali

    2009-01-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar os teores de fibra em detergente neutro indigestível (FDNi obtidos por procedimento in situ e a perda de partículas fibrosas em meio aquoso de alguns alimentos para ruminantes, utilizando sacos de diferentes tecidos. Observou-se, concomitantemente, a estrutura física dos tecidos utilizados. Os alimentos avaliados foram: farelo de trigo (FT, casca de soja (CS, silagem de milho (SM e feno de capim-braquiária (FB; e os tecidos: náilon (50 µm; F57 (Ankom®; e tecido não-tecido (TNT - 100 g/m². Os alimentos foram moídos (1 mm e acondicionados em sacos de 4 × 5 cm (seis amostras de cada alimento/tecido, obedecendo à relação de 20 mg de matéria seca/cm² de superfície. Os sacos foram incubados por 144 horas no rúmen de uma vaca alimentada com silagem de milho (70% e concentrado (30% e, posteriormente, foram retirados, lavados com água corrente até o total clareamento desta, e tratados com detergente neutro (o resíduo foi considerado FDNi. Verificou-se similaridade entre os teores de FDNi obtidos com TNT e F57, que foram superiores aos obtidos com náilon para os alimentos farelo de trigo, casca de soja e silagem de milho. Para as amostras de PB, os teores diferiram entre todos os tecidos: foram maiores quando estimados utilizando-se F57, menores quando utilizado náilon e intermediários quando utilizado TNT. A perda de partículas fibrosas em meio aquoso foi avaliada por meio de lavagem em água (39ºC dos sacos contendo os alimentos (10 amostras/tecido. Houve perda de partículas fibrosas quando empregado o náilon como tecido para avaliação das amostras, o que justifica os menores teores de FDNi obtidos com este tecido. A perda de partículas para o náilon está relacionada à estrutura do tecido, uma vez que, em análise por microscopia eletrônica de varredura, não foram observados danos nos tecidos durante os processos de incubação e extração com detergente.The aim of this work was to evaluate the

  5. Markers evaluation on estimation of faecal output and digestibility in ruminants Avaliação de indicadores na estimação da excreção fecal e da digestibilidade em ruminantes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre Lima Souza

    2008-04-01

    Full Text Available The present work was carried out in order to evaluate the accuracy of internal and external markers on apparent dry matter digestibility (ADMD and faecal excretion (FE estimative in cattle fed diets with corn silage, elephant grass silage and Tifton-85 bermudagrass hay. The indigestible neutral detergent fiber (INDF and indigestible acid detergent fiber (IADF obtained in vitro were used as internal markers and the chromium as external marker, which were compared to the digestibility obtained by total collection of faeces, measured from six bovines. INDF and IADF were determined in vitro after 144 hours incubation with ruminal liquid from cattle. FE and ADMD were accurately predicted by chromium and INDF. IADF overestimated FE and underestimated ADMD for the diet based of Tifton-85 bermudagrass hay. The IADF utilization obtained in vitro as marker of FE and ADMD need more investigations and methods standardization.Objetivou-se com o presente trabalho avaliar a acurácia de indicadores internos e externos na estimativa da digestibilidade aparente da matéria seca (DAMS e da excreção fecal (EF em bovinos, alimentados com dietas à base das silagens de milho e de capim-elefante e feno de capim-Tifton 85. Foram avaliadas a fibra em detergente neutro indigestível (FDNI e a fibra em detergente ácido indigestível (FDAI como indicadores internos e o óxido crômico como indicador externo, os quais foram comparados com a digestibilidade obtida por meio da coleta total de fezes, medida em seis bovinos. A FDNI e a FDAI foram determinadas in vitro após 144 horas de incubação com líquido ruminal de bovinos. A EF e a DAMS foram acuradamente preditas a partir do cromo e da FDNI, entretanto, com a utilização da FDAI, houve superestimação da EF e, conseqüentemente, subestimação da DAMS para a dieta à base de feno de capim-Tifton 85. A utilização da FDAI obtida in vitro como indicador da EF e da DAMS necessita de mais investigação e padroniza

  6. Requerimientos energéticos de ovinos de pelo en las regiones tropicales de Latinoamérica. Revisión

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alfonso Juventino Chay-Canul

    2016-01-01

    Full Text Available Los ovinos de pelo juegan un papel importante en la producción animal en las regiones tropicales; sin embargo, sus requerimientos nutricionales no se han determinado en la misma medida que los de las razas de lana. Debido a las condiciones ambientales de las regiones tropicales (clima, calidad y disponibilidad de alimentos, es razonable la hipótesis de que los requerimientos de energía metabolizable (EM y la eficiencia de utilización de la EM pueden ser diferentes entre los ovinos de razas de pelo y de lana. La información disponible en ovinos de pelo muestra una gran discrepancia en cuanto a las necesidades de energía. Con base en datos de la literatura disponible para hembras ovinas, el requerimiento de EM para mantenimiento (EMm fue de 419±129 kJ/kg PC0.75 (media ± desviación estándar y para machos fue 388±123 kJ/kg BW0.75. El requerimiento de energía neta para la ganancia de peso (ENg varió de 8.75 a 14.06 kJ/g (11.63±1.86 kJ/g. Las eficiencias de utilización de la EM para el mantenimiento (km y la ganancia de peso (kg fueron de 0.66±0.023 y 0.42±0.044, respectivamente. Esta revisión también indicó que la información es escasa para ovejas adultas en diferentes etapas fisiológicas (mantenimiento, lactancia y gestación. Se requiere más trabajo de investigación con relación a la estimación de las necesidades de energía de los ovinos de pelo, con el fin de hacer ajustes a los modelos existentes de alimentación, con el objetivo de predecir la respuesta de los animales con la condición que prevalece en los trópicos (tipo de animal, medio ambiente y alimentos disponibles.

  7. Parâmetros ruminais e desaparecimento da MS, PB e FDN da forragem em bovinos suplementados em pastagem na estação seca Ruminal parameters and DM, CP and NDF forage disappearance of supplemented steers under grazing, during the dry season

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Vera Martins Franco

    2004-10-01

    Full Text Available O trabalho foi conduzido com o objetivo de determinar o efeito de suplementos concentrados com diferentes degradabilidades da proteína (alta-70%, média-50% e baixa-30% e o efeito da quantidade dos mesmos (0,5, 1,0 e 1,5 kg de MS/dia sobre os parâmetros ruminais (pH e N-NH3 e o desaparecimento da MS, PB e FDN da forragem em bovinos pastejando Brachiaria brizantha cv. Marandu no período da seca. Foram utilizados 10 novilhos canulados no rúmen com peso médio de 354 kg em um esquema fatorial com três repetições (blocos. Não houve influência da degradabilidade protéica e/ou quantidade de suplemento sobre os valores de pH ruminal, que variaram de 6,38 a 6,91. As concentrações de N-NH3 ruminal foram crescentes com o aumento da degradabilidade do suplemento e quantidade de suplementação, sendo maiores uma hora após o fornecimento do suplemento e decrescendo até cinco horas. O tratamento-controle apresentou concentrações de N-NH3 consideradas adequadas para boa atividade microbiana. Não houve efeito da degradabilidade protéica do suplemento ou quantidade na degradação ruminal da MS, PB e da FDN da forragem, não diferindo do tratamento-controle. Quanto aos parâmetros de degradação ruminal da forrageira, os valores médios foram de 29% para a fração solúvel da PB e de de 47% para a insolúvel potencialmente degradável, com taxa de degradação de 4,88%. Para FDN, a fração potencialmente degradável foi de 56% e a taxa de degradação, de 4,33%.The objective this work was to evaluate the effect of protein supplements with three degradability levels (high-70%, medium-50% and low-30% at three levels (0.5, 1.0 and 1.5 kg/day on the ruminal pH, N-NH3 and DM, CP, NDF degradability of forage fed steers grazing Brachiaria brizantha cv. Maradu, during the dry season. The experiment design was a randomized complete block with three replications (grazing periods and the supplement treatments were arranged in a factorial 3x3. Ten

  8. Influência do nitrogênio degradável no rúmen sobre a degradabilidade in situ, os parâmetros ruminais e a eficiência de síntese microbiana em novilhos alimentados com cana-de-açúcar Ruminal degradable nitrogen for steers fed sugar cane: in situ degradability, ruminal parameters and microbial synthesis efficiency

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roselene Nunes da Silveira

    2009-03-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar o efeito da deficiência de nitrogênio degradável no rúmen (NDR, utilizando como volumoso cana-de-açúcar suplementada com uréia, farelo de soja ou farelo de glúten de milho - 60, sobre a eficiência de síntese microbiana e a degradabilidade in situ da matéria seca (MS e da fibra em detergente neutro (FDN em novilhos mestiços. Utilizaram-se oito novilhos canulados no rúmen e duodeno, distribuídos em dois quadrados latinos 4 × 4 e alimentados com cana-de-açúcar e cana-de-açúcar suplementada com uréia, farelo de soja ou farelo de glúten de milho-60. O pH e a concentração de N-NH3 foram mensurados no fluido ruminal antes e 2, 4, 6 e 8 horas após o fornecimento da ração. Utilizou-se a fibra em detergente ácido indigestível como indicador de fluxo duodenal. A eficiência microbiana foi determinada pelas bases purinas.As fontes de proteína degradável no rúmen não influenciaram a degradabilidade da matéria seca, entretanto, o maior valor de degradabilidade efetiva da FDN foi obtido com a cana-de-açúcar com farelo de soja. O pH e a concentração de N-NH3 observados com todas as dietas foram adequados para o crescimento dos microrganismos ruminais. A deficiência de nitrogênio degradável no rúmen não influencia a síntese de proteína microbiana e a dinâmica de fase líquida.The objective of this work was to evaluate the ruminal degradable nitrogen (RDN deficit using as roughage sugar cane supplemented with urea, soybean meal, or corn gluten meal 60 on the microbial synthesis efficiency, in situ dry matter (DM and neutral detergent fiber (NDF degradability. The treatments were: sugar cane, sugar cane with urea, soybean meal or corn gluten meal 60. Eight rumen and duodenum cannulated steers were used and arranged according to two 4 × 4 Latin Squares. The pH and N-NH3 were determined in the ruminal fluid before and 2, 4, 6 and 8 hours after feeding. The duodenal flow was estimated by indigestible

  9. Urolitiasis obstructiva en ovinos: estudio de caso Urolitiasis obstructiva en ovinos: estudio de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Abner Josué Gutiérrez Chávez

    2012-02-01

    Full Text Available A 5-months-old, commercial-crossbreed male lamb was remitted to post-morten study. The clinical history about of animal included: signs of severe abdominal distension, anorexia, poliaquiuria, straguria and prolonged urination posture, urine dribbling and blood-tinged urine. Necropsy revealed ascitis and a hemorrhagic fibrine membrane floating in approximately 8 litres of urine caused by a rupture of the urinary bladder in consequence of a total blockage of urethral lumen by multiple small stones localized in the sigmoid flexure of the animal. Obstructive urolithiasis is a common problem in the fed-flocks affecting between 20 % and 30 % of the animals. A diet with adequate mineral balance could reduce the health risk of formation of urinary stones. Un ovino macho de 5 meses de edad fue presentado para su estudio patológico. La historia clínica del animal incluía: postración, dificultad para incorporarse, distensión abdominal severa, pérdida de apetito, estranguria, poliaquiuria y hematuria. A la necropsia se observó la presencia de 8 litros aproximadamente de orina en cavidad abdominal y una membrana fibrino-hemorrágica flotante adherida a la vejiga a nivel de la lesión de ruptura, por una sobre distensión provocada por la presencia obstructiva total de cálculos urinarios localizados en la luz de la uretra a nivel de la flexura sigmoidea del animal. La urolitiasis obstructiva es una patología que se presenta en el 20 % - 30 % de los animales en engorda. Un adecuado balance mineral de la dieta rica en concentrados puede reducir el riesgo de la formación de urolitos.

  10. Consumo, digestibilidade e balanço de nitrogênio em novilhos alimentados com cama de frango e suplemento à base de microbiota ruminal liofilizada Intake, digestibility and nitrogen balance of steers fed broiler litter and supplement based on lyophilized ruminal microbiota

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ronaldo Lopes Oliveira

    1999-08-01

    Full Text Available Este experimento foi realizado para avaliar o efeito de dois níveis de cama de frango (15,0 e 30,0%, associada ou não a um suplemento à base de microbiota ruminal liofilizada de bovinos adultos (0 e 10 g/animal•dia, na alimentação de novilhos Holandês/Zebu. Quatro novilhos fistulados no rúmen e abomaso foram distribuídos em um quadrado latino 4 x 4 em arranjo fatorial e alimentados individualmente à vontade. O consumo e as digestibilidades totais e parciais dos nutrientes foram avaliados. Não houve efeito do nível de cama de frango sobre o consumo e os coeficientes de digestibilidade da matéria seca (MS, matéria orgânica (MO e fibra em detergente neutro (FDN. O aumento do nível de cama de frango na dieta elevou o coeficiente de digestibilidade intestinal e total da proteína bruta (PB, porém, quando se adicionou o suplemento à dieta com 15,0% de cama de frango, a digestibilidade intestinal aumentou e àquela contendo 30,0% diminuiu. Quando se adicionou o suplemento à dieta com 15,0% de cama de frango, o coeficiente de digestibilidade total não sofreu efeito, mas diminuiu para a dieta com 30%. A ingestão diária de 10 g do suplemento, por animal, não alterou o consumo e os coeficientes de digestibilidade da MS, MO e FDN.This experiment was conducted to evaluate the effect of two levels of broiler litter (15.0 and 30.0%, associated or not to a supplement based on bovine lyophilized ruminal microbiota (0 and 10 g/animal•day, in the Holstein Zebu steers feeding. Four steers with ruminal and abomasal fistulae were allotted to a 4 x 4 latin square in a factorial arrangement and individually fullfed. The intake and total and partial digestibilities were evaluated. There was no effect of broiler litter level on the intake and coefficients of digestibilities of dry matter (DM, organic matter (OM and neutral detergent fiber (NDF. The increase of the level of broiler litter in the diet increased the total and intestinal crude

  11. Caracterização do ambiente térmico e adaptabilidade de reprodutores ovinos nativos e exóticos no cariri paraibano

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Henrique Souza Costa

    2014-10-01

    Full Text Available O experimento foi realizado na época seca do ano, fazenda Umari,  município de Caturité, na microrregião do Cariri Oriental. Foram utilizados 20 machos ovinos das raças Santa Inês e Dorper, sendo dez animais de cada raça. Em referencia ao índice de temperatura, globo negro e umidade como índice de conforto térmico no ambiente sol, os valores de ITGUSL, se apresentaram elevados independente dos turnos, com aumento da ITGUSL a parte das 09:00 h; já no turno da tarde se obteve uma temperatura elevada das 12:h00as 14:h00, cujo valor máximo foi ás 13:h00 , logo após, as 15:h00, ocorreu  um decréscimo da temperatura, no ambiente  no sol ITGUSl. Nos resultados obtidos para o Coeficiente de Adaptação (CA segundo o teste de Benezra se observaram-se diferenças entre as duas raças avaliadas, demonstrando maior capacidade dos animais da raça Santa Inês em dissipar calor através da evapotranspiração. Ovinos da raça Santa Inês Por mais que se encontrem adaptados á região semiárida, ovinos desencadearam respostas termorregulatória diferenciadas ao serem comparados com os da  Doper entre os ambiente sol e sombra avaliados.

  12. Supplementation for steers on pasture during the rainy period: intake, digestibility and ruminal parameters Suplementação para bovinos em pastejo no período das águas: consumo, digestibilidade e parâmetros ruminais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Darcilene Maria Figueiredo

    2011-06-01

    Full Text Available Supplements with different protein sources were evaluated during the rainy seasons. The supplements were supplied in base of 500g per day. The following treatments were used: soybean meal and wheat bran; wheat bran and urea; cottonseed meal (38 % crude protein; wheat bran, cottonseed meal and urea; and the control. The nutritional parameters were evaluated in five animals with initial average weight and age of 219kg and 14 months respectively, fistulated in the esophagus and in the rumen, distributed in five paddocks of 0.3 hectares in a 5 × 5, incomplete latin square design. There was no effect of supplementation or protein sources over the nutrients intake or dry matter intake from pasture. The dry matter and neutral detergent fiber digestibility obtained in cottonseed meal containing 38% crude protein was inferior to others. There was no effect in the treatments under the pH, which average value was 6.41. The higher ruminal concentration of ammonia was to treatment with wheat bran and urea, that contained the highest value of urea when compared to the other treatments. There was no negative effect of supplementation (500g per day or protein sources the nutritional parameters evaluated.Objetivou-se avaliar suplementos formulados com diferentes fontes de proteína fornecidos a bovinos no período das águas, na quantidade de 500g/dia. Utilizaram-se as seguintes matérias primas na formulação dos suplementos: farelo de soja e farelo de trigo; farelo de trigo e ureia; farelo de algodão (38 % de proteína bruta; farelo de trigo, farelo de algodão e ureia; e o testemunha (sal mineral. As variáveis nutricionais foram avaliadas em cinco animais com idade e peso médios iniciais de 14 meses e 219kg, fistulados no esôfago e no rúmen, distribuídos em cinco piquetes de 0,3 hectares, com utilização do delineamento em quadrado latino 5x5 incompleto. Não houve efeito da suplementação ou das fontes de proteína sobre o consumo de nutrientes ou

  13. Utilização de plasma rico ou pobre em plaquetas, associado ou não a enxerto ósseo cortical alógeno, na reparação cirúrgica de falha ulnar em ovinos

    OpenAIRE

    Silveira, Patrícia Rodrigues da [UNESP

    2009-01-01

    A enxertia óssea alógena na ortopedia veterinária é meio seguro e de eleição na reposição de perdas e falhas ósseas em fraturas ou ressecções amplas. A glicerina a 98% é excelente meio de conservação de tecido ósseo, possui efeito bactericida, baixo custo e simplicidade operacional. O plasma rico em plaquetas (PRP) é produto orgânico, derivado do sangue autógeno, utilizado como fonte autógena de fatores de crescimento combinado aos diferentes enxertos e substitutos ósseos. O plasma pobre em p...

  14. ESTUDO DA EFICIÊNCIA DO CALCÁRIO CALCÍTICO, DO CARBONATO DE CÁLCIO E DO ÓXIDO DE MAGNÉSIO NO CONTROLE DO pH RUMINAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dirson Vieira

    2006-10-01

    Full Text Available O experimento foi desenvolvido no Departamento de Produção Animal da Escola de Veterinária da Universidade Federal de Goiás, com o objetivo de estudar o comportamento do pH ruminal, da glicemia sérica e da uréia em ovinos que receberam calcário calcítico, carbonato de cálcio e óxido de magnésio na dieta. Foram utilizados dezesseis ovinos machos, da raça Santa Inês, confinados em gaiolas metabólicas individuais contendo bebedouro e cocho para o fornecimento de volumosos e concentrados. Os tratamentos constituíram-se de quatro rações concentradas isoprotéicas e isoenergéticas, contendo 16% de proteína bruta e 3.300 Kcal de energia digestível e níveis de 0% na dieta controle, 1% de calcário calcítico, 1% de carbonato de cálcio e 1% de óxido de magnésio. O delineamento empregado foi inteiramente casualizado em esquema de parcelas subdivididas, com os tratamentos nas parcelas e os períodos nas subparcelas. Utilizaram-se quatro repetições paraavaliar os quatro tratamentos, sendo cada unidade experimental constituída por um animal. O período experimental foi de nove dias, sendo sete dias de pré-experimento e dois dias de coleta. As médias foram comparadas pelo teste de Scott-Knott. Os valores médios do pH do líquido ruminal obtidos para cada tratamento, zero hora após a ingestão de alimento, foram 7,65; 7,88, 7,32 e 7,66 (P>0,05, e para quatro horas após o consumo 6,42; 6,65; 7,56 e 6,56 (P<0,01 respectivamente. Os valores médios da uréia para zero hora foram 24,83; 26,86, 21,96 e 28,53 mg/100 mL (P<0,01 e para quatro horas foram 27,20; 28,99, 23,65 e 48,07 mg/100 mL (P<0,01 respectivamente. Os valores médios da glicose sérica para zero hora foram 67,07; 65,08, 60,51 e 62,22 mg/100 mL (P<0,05 e para quatro horas foram 74,49; 65,85, 70,70 e 66,51 mg/100 mL (P<0,05 respectivamente. Conclui-se que o carbonato de cálcio foi mais eficaz no controle do pH ruminal após quatro horas da ingestão de alimento

  15. Substituição total do farelo de soja por uréia ou amiréia, em dietas com alto teor de concentrado, sobre a amônia ruminal, os parâmetros sangüíneos e o metabolismo do nitrogênio em bovinos de corte Total replacement of soybean meal by urea or starea in high grain diets on nitrogen metabolism, ruminal ammonia-N concentration and blood parameters in beef cattle

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Reinaldo Cunha de Oliveira Junior

    2004-06-01

    Full Text Available Seis novilhos da raça Nelore, não castrados, com peso médio inicial de 420 kg, distribuídos em delineamento em quadrado latino 3x3 duplicado, foram utilizados para avaliar a substituição total de uma fonte de proteína verdadeira (farelo de soja, em uma dieta deficiente em proteína degradável no rúmen (PDR, por uréia ou amiréia (fontes de nitrogênio não protéico, ambas em uma dieta adequada em PDR. As dietas foram isoprotéicas (13,0% utilizando-se o bagaço de cana-de-açúcar in natura (BIN como única fonte de volumoso (20% da MS. Foram avaliados: a concentração de amônia ruminal, nitrogênio uréico plasmático, glicose plasmática e o metabolismo do nitrogênio. Os tratamentos foram: 1 farelo de soja (FS; 2 uréia e 3 amiréia (A-150S. A concentração de nitrogênio amoniacal no fluido ruminal foi superior no tratamento com uréia, comparado ao tratamento com farelo de soja, sendo que o tratamento com amiréia não diferiu dos demais. O tratamento com amiréia apresentou maior perda de N urinário. A retenção de N (g/d e % do consumido e o valor biológico da proteína (N retido, % do N digerido foram superiores para o tratamento com uréia, comparado aos demais. A concentração de nitrogênio uréico no plasma e a concentração de glicose plasmática foram similares entre os tratamentos. A substituição total do farelo de soja por uréia, ajustando a PDR na dieta de bovinos de corte, demonstrou ser viável. A uréia na forma convencional apresentou vantagens em relação à amiréia.Six Nellore bulls, with initial body weight of 420 kg, were assigned to a duplicated 3x3 Latin square design to evaluate the effects of replacing a true protein source (soybean meal, of high biological value, in a rumen degradable protein (RDP deficient diet, by urea or starea (a supposedly slow release nonprotein nitrogen source, both in a RDP adjusted diet. In natura sugarcane bagasse as the only source of forage (20% of DM. Evaluated

  16. Feeding concentrate in early lactation based on rumination time

    DEFF Research Database (Denmark)

    Byskov, M.V.; Weisbjerg, Martin Riis; Markussen, B.

    2015-01-01

    an experimental group (EXP) or a control group (CON) immediately after calving. In addition, all cows in the EXP and CON were assigned to either a high, medial or low rumination group according to their individual RT. Cows in the EXP assigned to the high (EH), medial (EM) or low (EL) rumination group were stepped...... up to 6, 4 or 3 kg concentrate during the experimental period. Concentrate was stepped up to 4 kg during the experimental period for all cows in the CON, regardless of whether the cows were assigned to the high (CH), medial (CM) or low (CL) rumination group. In total, 40 and 41 primiparous cows...

  17. Identificação das espécies de Staphylococcus presentes no leite ovino

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gabriela Viana da Silva

    2013-01-01

    Full Text Available A produção de leite ovino no Brasil é uma atividade relativamente nova, cuja produção está direcionada para a confecção de queijos, iogurtes e outros derivados. Com isso há uma defict de trabalhos científicos ligados a esta atividade. Considerado um excelente substrato, muitos micro-organismos patogênicos podem ser veiculados ao homem através do consumo de leite e seus derivados, entre eles Staphylococcus spp., um dos principais  agentes envolvidos em surtos de intoxicações alimentares. Dentro desta problemática, o presente estudo objetivou identificar as espécies de Staphylococcus isoladas de leite de origem ovina provenientes de propriedades rurais no Agreste Meridional de Pernambuco. Foram identificadas 13 espécies diferentes, sendo três do grupo Staphylococcus coagulase-positivo e 10 de Staphylococcus coagulase-negativo e duas cepas identificadas apenas como SCN, destacando-se por sua frequência Staphylococcus aureus (29 seguida pelo S. chromogenes (15 e S. intermedius (9. Os resultados obtidos evidenciam que esta espécie animal é mais uma fonte de infecção e veiculadora, através de seus produtos, de Staphylococcus potencialmente patogênicos para o homem.

  18. Produção de proteína microbiana e parâmetros ruminais em vacas leiteiras alimentadas com farelo de trigo Microbial protein production and ruminal parameters in dairy cows fed wheat middlings

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carla Aparecida Soares

    2005-02-01

    Full Text Available Doze vacas Holandesas foram distribuídas em três quadrados latinos 4 x 4, balanceados de acordo com o período de lactação, com o objetivo de estimar a produção de proteína microbiana, utilizando-se a excreção total de derivados de purinas (DP a partir de coletas spot de urina, as concentrações de nitrogênio (N-uréia no plasma, no leite e na urina, o pH e a concentração de amônia ruminal. As quatro rações experimentais foram formuladas para conter na base da matéria seca 70% de silagem de milho e 30% de concentrado. Foram utilizados níveis crescentes de farelo de trigo no concentrado (0, 33, 67 e 100% em substituição ao fubá de milho. As concentrações de uréia (38,8 mg/dL e N-uréia (18,1 mg/dL no leite não foram afetados pelos níveis de farelo de trigo, assim como as concentrações plasmáticas de uréia (51,1 mg/dL e N-uréia (23,8 mg/dL. As excreções urinárias de uréia, N-uréia, alantoína, DP, purinas absorvidas, N-microbiano e concentração de alantoína no leite não foram alteradas. Entretanto, a excreção de ácido úrico apresentou comportamento quadrático, com valor máximo de 40,03 mmol/dia no nível de 36% de farelo de trigo. O pH e a concentração de amônia ruminal antes e após a alimentação também não foram afetados pelos níveis de farelo de trigo. O fubá de milho pode ser substituído integralmente pelo farelo de trigo no concentrado de vacas leiteiras, com produção de leite média de 20 kg/dia, alimentadas com dietas à base de silagem de milho, sem que ocorra alteração na produção de proteína microbiana e no pH e concentração de amônia ruminal.Twelve Holstein cows were allotted to four 4 x 4 Latin square balanced in accordance with the lactation period, with the objective of evaluating the protein production, using the total purine derivatives (PD excretion, obtained from spot urine collection, the plasma and milk urea and nitrogen(N-urea, pH and ruminal ammonia

  19. Efeito do sistema de manejo sobre o comportamento em pastejo, desempenho ponderal e infestação parasitária em ovinos Suffolk Effect of a management system on grazing behaviour, ponderal growth and parasitic infestation of Suffolk ewes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eduardo Antonio da Cunha

    1997-07-01

    Full Text Available Foi estudado o comportamento em pastejo, o desempenho ponderal e o nível de infestação parasitária em ovelhas da raça Suffolk, no período de 1994 a 1995, em Nova Odessa, SP. Comparou-se dois sistemas de manejo: pastejo restrito, onde os animais foram soltos às 9:50h e presos às 17:30h e pastejo em período integral, no qual os animais não eram recolhidos, tendo a disposição abrigo para passarem a noite. Foram utilizadas 34 fêmeas adultas no verão (17 em pastejo livre e 17 em pastejo restrito e 42 fêmeas adultas no inverno (21 em pastejo livre e 21 em pastejo restrito. Trabalhou-se ainda com 12 animais traçadores em cada estação do ano, sendo metade em cada sistema de manejo visando a contagem de nematódeos no trato digestivo dos animais. Durante 3 dias consecutivos nos meses de janeiro/fevereiro (verão e julho/agosto (inverno estudou-se, através da observação dos animais, a cada 30 minutos entre as 7:00 e 17:30h, o hábito de pastejo (pastando ou não; na sombra ou no sol. Acompanhou-se o nível de infestação parasitária dos animais em cada sistema, pela contagem do OPG do rebanho e dos traçadores e nematódeos recuperados nos traçadores. Concluiu-se que a restrição do horário de pastejo isoladamente não propiciou um controle efetivo da infestação parasitária nos animais mostrando. A restrição do tempo de pastejo é compensada pela maior atividade dos animais nas horas mais quentes do dia, todavia este comportamento afetou o desempenho, resultando em menor ganho de peso. A maior disponibilidade de forragem, em relação ao consumo estimado, pode explicar a similaridade entre os tempos de pastejo verificados nos dois sistemas de manejo, tanto no verão como no inverno.Grazing behaviour, ponderal growth and level of parasitic infestation were studied in Suffolk breed sheep, from 1994 to 1995, in Nova Odessa, São Paulo. Two management systems were compared: restricted grazing, where the animals were released to

  20. Consumo de nutrientes, comportamento ingestivo, caracterÃsticas de carcaÃa e de componetes nÃo-carcaÃa de ovinos Santa Ines alimentados com diferentes nÃveis energÃticos

    OpenAIRE

    Rildson Melo Fontenele

    2010-01-01

    Objetivou-se com o presente estudo avaliar o consumo de nutrientes, comportamento ingestivo, ganho mÃdio diÃrio de peso (GMD), conversÃo alimentar (CA), eficiÃncia alimentar (EA), caracterÃsticas de carcaÃa, cortes comerciais, categorias de cortes comerciais, peso dos ÃrgÃos internos, conteÃdo e compartimentos gastrintestinais, peso e rendimento da buchada e panelada de ovinos Santa InÃs em crescimento, alimentados com diferentes nÃveis de energia metabolizÃvel (EM). Utilizaram-se 20 animais ...

  1. Water and small ruminant production A água e a produção de pequenos ruminantes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gherman Garcia Leal de Araújo

    2010-07-01

    Full Text Available Water is a nutrient of extreme importance for animals and must be considered vital in any rearing phase. The increasing scarcity of this precious natural resource has concerned different segments of society in order to find solutions for rational and sustainable use of this nutrient. Small ruminants, especially sheep and goats, have social and economic importance due to their great ability in adapting to adverse environmental conditions and using water efficiently. Thus, they might be a good alternative to mitigate the climate change effects and to generate foreign exchange and improving life condition in many places of the world. The concept of water productivity for livestock production is relatively new and there are few studies in the world, especially in Brazil. More researches and new technologies for water use in livestock production are indispensable.A água é um nutriente extremamente importante na vida dos animais e deve ser considerada como vital em qualquer fase da criação. A escassez crescente deste precioso recurso natural tem provocado reações de diferentes segmentos da sociedade na busca de soluções de uso racional e sustentável deste nutriente. Os pequenos ruminantes, especialmente os ovinos e caprinos, são partes importantes da vida econômica e social de muitas nações pela sua ampla capacidade de adaptação às condições adversas do ambiente e boa eficiência no uso da água, podendo ser uma das boas alternativas de mitigação dos efeitos das mudanças climáticas, gerando divisas e melhoria das condições de vida em muitas regiões do mundo. O conceito de produtividade de água para a produção animal é relativamente novo e ainda são recentes e escassos os estudos existentes no mundo e em particular no Brasil. A realização de mais pesquisas e a geração de novas tecnologias de uso da água na produção animal, hoje mais do que nunca tornam-se imprescindíveis.

  2. Cama de frango e suplemento à base de microbiota ruminal em dietas de novilhas leiteiras: desempenho produtivo e avaliação econômica Broiler litter and supplement based on ruminal microbiota in dairy heifers diets: performance and economic evaluation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Carlos Pereira

    2003-06-01

    Full Text Available O trabalho foi conduzido para avaliar o desempenho de novilhas de rebanhos leiteiros recebendo dietas contendo cama-de-frango (CF e suplemento à base de microbiota ruminal (SMR. Foram utilizadas 20 novilhas mestiças Holandês-zebu, com peso médio inicial de 276 kg e idade média de 13,8 meses. Os animais foram distribuídos aleatoriamente em arranjo fatorial 2x2, no qual foram estudados dois níveis de CF (15 e 30% na matéria seca e de SMR (0 e 10 g/animal/dia, em delineamento inteiramente casualizado, com cinco repetições. Foram avaliados o consumo, o ganho de peso e a conversão alimentar e calculados os custos com alimentação, sendo composto um fluxo de caixa simulado para recria dos animais em confinamento e a pasto. Os consumos de matéria seca, matéria orgânica, proteína bruta e fibra em detergente neutro não foram influenciados pelos níveis de CF ou de SMR. O ganho de peso médio diário foi maior para as novilhas recebendo dietas com 15% de CF e 10 g de SMR (1,13 kg, em relação ao tratamento com 15% de CF sem SMR (0,85 kg. Entretanto, não houve diferenças em relação aos animais alimentados com 30% de CF com e sem SMR (1,09 e 0,97 kg. Não foram observadas diferenças para conversão alimentar da matéria seca e da fibra em detergente neutro, e houve interação entre os níveis de cama-de-frango e de suplemento para a conversão alimentar da proteína bruta. Melhor relação custo/benefício foi encontrada para o tratamento 30% de CF sem SMR, em relação ao nível de 15% sem SMR, porém não-significativa para os demais. O fluxo de caixa simulado mostrou que o sistema de recria de novilhas em confinamento foi economicamente mais vantajoso que o sistema em regime de pasto, para as condições do presente trabalho.This research was carried out to evaluate the performance of dairy heifers fed with broiler litter (BL and ruminal microbiota supplement (RMS. Twenty heifers, crossbred Holstein x zebu, with average weight and

  3. Ruminal variables in steers fed with Tifton 85 (Cynodon Spp hay with different particle sizes / Variáveis ruminais em novilhos alimentados com feno de Tifton 85 com diferentes tamanhos de partículas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Guimarães Pimentel

    2009-07-01

    Full Text Available The ammonia nitrogen (N-NH3 concentration and the pH were determined with the objective of evaluating the effect of different particle sizes (5, 7, 10mm and whole of Tifton 85 hay in the diet of Holstein steers, with average live weight of 300kg and age of 20 months. A completely randomized design, with four replicates, in a split-plot arrangement was used. The plots were the experimental treatments (5, 7, 10mm and whole hay and the subplots were the times of collection (0, 2, 4, 6, 8h. The use of diets including hay with particle sizes of 5mm and whole, did not affect (P>0,05 the ruminal pH; average values were 6.14 and 6.61, respectively. A linear reduction in the ruminal pH was verified in the steers fed on diets constituted by 10mm particles. For the diets including Tifton hay with particle size of 7mm, it was observed a quadratic effect, where the minimum pH (5.39 was observed 8:00 h after the feed was furnished. Concentrations of N-NH3 were affected by collection time in a quadratic way. Maximum concentrations of N-NH3, 15.55, 15.83, 18.32, 12.0 mg/100 mL, were observed at 4:28, 3:58, 2:99 and 2:80h after feeding, for the diets including Tifton 85 hay with 5, 7, 10mm and whole particle sizes, respectively. It was concluded that all diets allowed normal nycterohemeral patterns of fermentation.As concentrações de nitrogênio amoniacal (N-NH3 e pH foram determinadas objetivando avaliar o efeito de diferentes tamanhos de partículas de feno de Tifton 85 (5, 7, 10mm e inteiro na dieta de novilhos holandeses, castrados, com peso vivo médio de 300kg e idade média de 20 meses. As determinações das concentrações de amônia ruminal (N-NH3 e o pH foram analisadas em delineamento inteiramente casualizado, em esquema de parcela subdivididas, tendo nas parcelas os tratamentos experimentais (5, 7, 10mm e feno inteiro e nas sub-parcelas os tempos de coleta (0, 2, 4, 6, 8h, com quatro repetições. A utilização de dietas constituídas com

  4. Síntese microbiana, pH e concentração de amônia ruminal e balanço de compostos nitrogenados, em novilhos F1 Limousin x Nelore

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cardoso Rodrigo Carvalho

    2000-01-01

    Full Text Available Os objetivos do experimento foram determinar os efeitos de cinco níveis de concentrados na dieta sobre a eficiência de síntese microbiana, as concentrações de amônia e os valores de pH ruminal, o balanço de compostos nitrogenados e a taxa de passagem da digesta pelo rúmen de novilhos F1 Limousin x Nelore. Utilizaram-se cinco animais fistulados no rúmen, abomaso e íleo, com peso médio de 279 kg, distribuídos em quadrado latino 5 x 5, alimentados à vontade com feno de capim-coastcross e porcentagens de 25,0; 37,5; 50,0; 62,5; e 75,0% de concentrado. Amostras de líquido de rúmen para determinação de amônia e pH foram obtidas antes e 2, 4, 6 e 8 horas após o arraçoamento dos animais. As bases purinas foram o indicador microbiano utilizado e as bactérias do rúmen foram isoladas por centrifugação diferencial. A taxa de passagem foi obtida com infusão de dose única de 20 g de óxido crômico e os tempos avaliados foram imediatamente antes da infusão do indicador e 3, 6, 9, 12, 24, 36 e 48 horas após. O fluxo de nitrogênio bacteriano (Nbact no abomaso e a eficiência microbiana em relação aos carboidratos degradados no rúmen (CHODR não foram influenciados pelos níveis de concentrado, observando-se valores médios de 85,69 g Nbact/dia, 41,09 g Nbact/kgCHODR e 472,44 g MSbact/kgCHODR. As concentrações máximas de amônia de 17,56 mg/100mL de fluido ruminal ocorreram 2,77 horas após a alimentação. O pH do rúmen diminuiu linearmente com os níveis de concentrados e foi influenciado de forma quadrática pelo tempo de coleta. Foram observadas taxas de passagem da digesta ruminal de 0,059; 0,053; 0,073; 0,068; e 0,041.h-1, para os respectivos níveis de 25,0; 37,5; 50,0; 62,5; e 75,0% de concentrado. O aumento do concentrado na dieta não alterou o crescimento microbiano no rúmen.

  5. Premenstrual disorders and rumination.

    Science.gov (United States)

    Craner, Julia R; Sigmon, Sandra T; Martinson, Amber A; McGillicuddy, Morgan L

    2014-01-01

    Premenstrual syndrome (PMS) and premenstrual dysphoric disorder (PMDD) involve emotional, behavioral, and physical symptoms; however, there is little understanding of psychological factors that contribute to these disorders. It was hypothesized that rumination, a form of depressive self-focused attention, is related to premenstrual distress. Study 1 involved women (N = 735) meeting criteria for No/Mild PMS, Moderate/Severe PMS, and PMDD using retrospective self-report. Study 2 involved women (N = 85) meeting diagnostic criteria for PMS or PMDD (i.e., PMD group) and healthy controls (i.e., No PMD group) following 60-day symptom monitoring. Participants in both studies completed questionnaires of rumination, anxiety sensitivity, and coping styles. Rumination was strongly related to premenstrual disorders using both retrospective and prospective reports, as well as both categorical and continuous approaches to classification of premenstrual distress. Rumination, a transdiagnostic factor in psychopathology, may contribute to the onset and maintenance of premenstrual distress. © 2013 Wiley Periodicals, Inc.

  6. Plantas tóxicas para ruminantes e eqüídeos no Norte Piauiense Toxic plants for ruminants and equidae in Northern Piauí

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo W.S. Mello

    2010-01-01

    Full Text Available Este trabalho teve por objetivo realizar um levantamento sobre as plantas tóxicas para ruminantes e equídeos na Mesorregião Norte do Piauí. Foram feitas 71 entrevistas a médicos veterinários, engenheiros agrônomos, técnicos agrícolas e produtores de 16 municípios, entrevistando pelo menos quatro pessoas por município. As plantas comprovadamente tóxicas que foram apontadas com maior frequência na região estudada foram Ipomoea asarifolia, que causa intoxicações em pequenos ruminantes em todas as áreas visitadas. Stryphnodendron coriaceum pelas mortes que ocasiona é, aparentemente, a planta que causa maiores perdas econômicas na mesorregião estudada. Enterolobium contortisiliquum também foi citada como causa importante de sinais digestivos, abortamentos e fotossensibilização em bovinos da região. Os entrevistados confirmaram a ocorrência de surtos de intoxicação em bovinos por Thiloa glaucocarpa no inicio do período chuvoso. Manihot spp. e Piptadenia macrocarpa são plantas cianogênicas apontadas como causa de mortes superagudas em bovinos. Outras plantas relatadas como tóxicas pelos entrevistados, mas sem que haja comprovação de sua toxicidade, foram Buchenavia tomentosa, Caesalpinia sp., Brunfelsia sp., Luetzelburgia sp., Hybantus ipecaconha, Phisalys angulata e Spondias luta. De acordo com os entrevistados os frutos de Buchenavia tomentosa causam sinais digestivos e abortos em caprinos, ovinos e bovinos. Produtores relatam surtos de intoxicação em caprinos que apresentam sinais digestivos e morte após a ingestão de favas de Luetzelburgia sp. Brunfelsia sp. é relatada como causa de alterações nervosas, no começo das chuvas, quando os animais ingerem as folhas e flores e os asininos são aparentemente mais afetados. Os frutos de Spondias luta foram mencionados como causa de diarréia em caprinos. Experimentos não publicados demonstraram a toxicidade de Brunfelsia sp. em ovinos e de Luetzelburgia sp. como

  7. Efeitos da temperatura e da movimentação do ar sobre o isolamento térmico do velo de ovinos em câmara climática Effect of temperature and air velocity on the thermal insulation of the fleece of sheep in climatic chamber

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alex Sandro Campos Maia

    2009-01-01

    Full Text Available Foram utilizados dez ovinos da raça Corriedale - cinco machos e cinco fêmeas com pesos entre 52,2 e 87,6 kg - com o objetivo de avaliar o efeito da combinação da movimentação do ar (0 e 5,0 m/s com a temperatura do ar (25, 30 e 40ºC sobre a temperatura retal (T R, ºC, da epiderme (T E, ºC, da superfície do velo (T V, ºC e do interior do velo (T I, ºC e a espessura do velo (E V, cm e suas relações com o isolamento térmico do velo. A presença de vento não teve efeito sobre as variáveis estudadas, o que sugere que fluxo de ar (40ºC o fluxo de calor sensível não foi significativa.Ten Corriedale sheep were evaluated, five males and five females with 52.2 to 87.6 kg of body weight, to evaluate the effect of air velocity (0 and 5 m/s and temperature (25, 30 and 40ºC on rectal temperature (T R, ºC, skin temperature (T E, ºC, fleece surface temperature (T V, ºC, temperature inside the fleece (T I, ºC, and fleece thickness (E V, cm and their relationship with fleece thermal insulation. The results showed that air velocity did not affect the studied traits, suggesting that airflow 40°C, the sensible heat flow was not significant.

  8. Hemograma, proteinograma, ionograma e dosagens bioquímicas e enzimáticas de ovinos acometidos por conidiobolomicose no nordeste do Brasil Hematology and blood biochemistry in sheep with conidiobolomycosis in northeastern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria do Carmo de S. Batista

    2009-01-01

    Full Text Available Foram realizados eritrogramas, leucogramas, dosagens séricas de proteínas totais, albumina, globulinas, cálcio, fósforo, magnésio, cloretos, uréia, creatinina, bilirrubina total, direta e indireta e atividade sérica de aspartato aminotransferase (AST, fosfatase alcalina (FA e gama-glutamiltransferase (GGT de 56 ovinos afetados por conidiobolomicose e de 371 ovinos sadios provenientes dos mesmos rebanhos dos casos da doença. Os resultados revelaram que os ovinos com conidiobolomicose apresentam anemia arregenerativa normocítica normocrômica, leucocitose com neutrofilia e discreto desvio à esquerda regenerativo, com elevação da relação neutrófilo:linfócito, monocitose moderada, trombocitose, hipoproteinemia (hipoglobulinemia, hipomagnesemia, hipocalcemia e elevação dos teores de fósforo. As atividades séricas de AST e GGT estavam aumentadas e as de FA diminuídas. Não houve alteração nos níveis de uréia e creatinina, mas ocorreu hipoglicemia e hiperbilirrubinemia. Estes resultados podem ser utilizados para estudos experimentais da doença, em ensaios com tratamentos e para identificar casos precoces da enfermidade que não apresentem sinais clínicos. Além disso, os valores encontrados em 371 ovinos deslanados hígidos podem ser utilizados como valores referenciais para este tipo de ovinos na região semi-árida do Brasil.Hematologic values, serum levels of albumin, globulins, total proteins, calcium, phosphorus, magnesium, chloride, urea nitrogen, creatinine, total, direct and indirect bilirrubin, and serum activities of aspartate aminotransferase (AST, alkalin phosphatase (AF and gama-glutamyltransferase (GGT were determined in 56 hair sheep with conidiobolomycosis and 371 healthy hair sheep from the same flocks. Sheep with conidiobolomycosis had nonregenerative, normocytic and normochromic anemia, leucocytosis with neutrophilia and increased nutrophil:lymphocyte rate, moderate monocytosis, moderate thrombocytosis

  9. Contagious agalactia by Mycoplasma agalactiae in small ruminants in Brazil: first report Agalaxia contagiosa por Mycoplasma agalactiae em pequenos ruminantes no Brasil: primeiro relato

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edisio Oliveira de Azevedo

    2006-12-01

    Full Text Available Two outbreaks of contagious agalactia by Mycoplasma agalactiae occurred in Paraíba State, Northeastern Region of Brazil are reported. The disease was characterized by mastitis, agalactia and polyarthritis in does and polyarthritis and conjunctivitis in kids and lambs. Fever and anorexia were also observed. Morbidy was from 26.1% to 100% in does, 36.5 to 100% in kids and 49% in lambs. In one farm 14.3% of the lactating goats and 6.4% of the kids died or were euthanized. In the other, 3.3% of the does, 36.5% of the kids and 22.9% of the lambs died and 84 affected goats were euthanized to control the disease. M. agalactiae was isolated from milk, joint exudates, nasal swabs and ear washings. The colonies were characteristic of Mycoplasma and the agent did not ferment both glucose and arginin. It was typed as Mycoplasma agalactiae by immunoperoxidase and PCR. This is the first report of M. agalactiae infection in Brazil, but the source of the infection remains unknown.Dois surtos de agalaxia contagiosa causada por Mycoplasma agalactiae são descritos no Estado da Paraíba, região Nordeste do Brasil. A doença caracterizou-se por mastite, agalaxia e poliartrite em cabras e poliartrite e cerato-conjuntivite em cabritos e cordeiros. Febre e anorexia também foram observadas. A morbidade variou de 26,1% a 100% nas cabras, 36,5% a 100% em cabritos e 49,0% em cordeiros. Na primeira fazenda, 14,3% das cabras em lactação e 6,4% dos cabritos morreram ou foram sacrificados. Na outra propriedade, 3,3% dos caprinos adultos, 36,5% dos cabritos e 22,9% dos cordeiros morreram e outros 84 caprinos foram sacrificados para controle da doença. M. agalactiae foi isolado a partir de leite, líquido articular, suabe nasal e lavado do conduto auditivo externo. Colônias características de Mycoplasma e que não fermentaram a glicose e arginina foram observadas. A identificação de M. agalactiae foi realizada por imunoperoxidase indireta e PCR. Sendo assim, M

  10. Lesões de pele causadas pelos espinhos de Mimosa pudica (Leg. Mimosoideae nos membros de bovinos e ovinos no estado do Pará Cutaneous lesions of the legs caused by the thorns of Mimosa pudica (Leg. Mimosoideae in cattle and sheep in the State of Pará

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Diomedes Barbosa

    2009-05-01

    Full Text Available Foi estudada uma doença em bovinos e ovinos caracterizada por lesões ulcerativas e granulomatosas da pele dos membros. Os estudos epidemiológicos e patológicos permitiram concluir que essas lesões são causadas pelos espinhos de Mimosa pudica (Leg. Mimosoideae. A doença foi observada somente em pastagens acentuadamente infestadas e os animais se recuperaram rapidamente após retirados destes pastos. Nos ovinos as lesões atingiam partes mais altas dos membros do que nos bovinos, devido ao seu menor porte.A condition of cattle and sheep characterized by ulcerous and granulomatous skin lesions of the legs was studied. Epidemiological data and the nature of the lesions indicate that they are caused by the thorns of Mimosa pudica (Leg. Mimosoideae. The disease was observed only in pastures largely infested by the plant, and animals recover quickly when moved from them.

  11. PREVALÊNCIA DE LEUCOSE ENZOÓTICA BOVINA, DIARRÉIA VIRAL BOVINA RINOTRAQUEÍTE INFECCIOSA BOVINA E NEOSPOROSE BOVINA EM 26 PROPRIEDADES LEITEIRAS DA REGIÃO NORDESTE DO RIO GRANDE DO SUL, BRASIL PREVALENCE OF ENZOOTIC BOVINE LEUKOSIS, BOVINE VIRAL DIARRHEA, INFECTIOUS BOVINE RHINOTRACHEITIS AND BOVINE NEOSPOROSIS IN 26 DAIRY CATTLE FARMS FROM THE NORTHEAST REGION OF RIO GRANDE DO SUL , BRAZIL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cleber Fiori

    2008-12-01

    Full Text Available Objetivou-se investigar a freqüência de aglutininas anti-Brucella abortus em caprinos e ovinos do Sertão do Estado de Pernambuco, Brasil. Foram processadas 700 amostras de soros sangüíneos, das quais 340 eram da espécie caprina (115 machos e 225 fêmeas e 360 (136 machos e 224 fêmeas ovina. Empregou-se a técnica do antígeno acidificado tamponado (AAT corado com rosa bengala (RB. Das 340 amostras de caprinos avaliadas, duas (0,6% foram reagentes ao AAT. Não se observaram associações significativas para as variáveis faixa etária (p= 0,430, raça (p= 0,936 e sexo (p= 0,562. Das 360 amostras de ovinos, nove (2,5% foram reagentes. Também não houve associação significativa entre as variáveis analisadas e a soropositividade para brucelose: faixa etária (p= 0,522; raça (p= 0,576 e sexo (p= 0,461. Verificou-se associação significativa (p= 0,042 entre as espécies estudadas e soropositividade para brucelose nos animais investigados. A soropositividade para Brucella abortus em caprinos e ovinos foi descrita pela primeira vez no Sertão de Pernambuco, fato que pode dificultar o sucesso do Programa Nacional de Controle e Erradicação da Brucelose, tendo em vista que nessa região é comum a criação consorciada de pequenos ruminantes com bovinos, além de representar riscos à Saúde Pública.

    PALAVRAS-CHAVES: Brucelose, ovinos, caprinos, pequenos ruminantes, sorodiagnóstico. The objective was to investigate the frequency of anti-Brucella abortus agglutinins in goats and sheep of the backlands of the State of Pernambuco, Brazil. 700 samples of sanguine serums were processed, of which 340 were of the goat (115 males and 225 females and 360 (136 males and 224 females sheep. The technique of the Tamponed Acidified Antigen (AAT dyed with Bengalese Rose (BR was used. Of the 340 samples of goat evaluated two (0.6% were reactive to AAT. Significant associations were not observed for the variable age group (p = 0.430; race (p = 0

  12. Comportamento ingestivo de ovinos no período diurno em pastagem de azevém anual em diferentes estádios fenológicos Diurnal ingestive behavior of sheep grazing annual ryegrass at different phenological growth stages

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renato Borges de Medeiros

    2007-02-01

    Full Text Available Este trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar o comportamento ingestivo no período diurno de ovelhas Corriedale em final de gestação e início de lactação sob pastejo em uma área de 1,3 ha de azevém anual (Lolium multiflorum Lam. nos estádios vegetativo, pré-florescimento e de florescimento. Foram determinados o tempo de pastejo, a taxa de bocado, o tamanho de bocado, o teor de PB da forragem e os consumos de MS e PB. Os maiores tempos de pastejo e de consumo de MS e PB, para os três estádios do azevém, foram observados ao final da tarde. Nos estádios vegetativo e pré-florescimento, os tempos de pastejo e os consumos de MS e PB registrados no início da manhã (7 às 7h50 foram semelhantes aos verificados no final da tarde. No estádio pré-florescimento, registraram-se ainda nestes horários de pico de pastejo as maiores taxas de bocado e peso de bocado, as quais, associadas ao maior tempo de pastejo, determinaram os maiores consumos de forragem ao longo do dia. Os menores tempos de pastejo ocorreram das 8 às 9h50 durante o estádio vegetativo; das 8 às 8h50 e das 12 às 12h50 durante o pré-florescimento; e das 7 às 8h50 durante o florescimento. Conseqüentemente, nesses mesmos horários foram verificados os menores consumos de MS e PB para os três estádios fenológicos estudados.The objective of this trial was to evaluate the diurnal ingestive behavior of late pregnant-early lactating Corriedale ewes grazing annual ryegrass (Lolium multiflorum Lam. at different phenological growth stages (vegetative, pre-flowering and flowering. Animals were maintained in paddocks of 1.3 ha from July 21 to November 11 of 2000. Grazing time, bite rate, bite weight, crude protein (CP content per bite, and forage dry matter (DM and CP intakes were measured. The longest grazing time and the greatest forage DM and CP intakes were observed at late afternoon on all three phenological growth stages of annual ryegrass. Grazing time and

  13. [Local anaesthesia in ruminants].

    Science.gov (United States)

    Nuss, Karl; Schwarz, Andrea; Ringer, Simone

    2017-06-20

    The use of local anaesthesia in ruminants allows many surgical procedures to be conducted free of pain, efficiently and inexpensively in the field. Local anaesthesia combined with sedation and immobilisation of the animal can replace general anaesthesia for many procedures (e. g. castration, claw amputation). The level of difficulty differs among various local anaesthetic techniques: local infiltration of tissue or anaesthesia of the cornual nerve are easily performed, whereas local anaesthesia of the eye, regional anaesthesia in limbs or anaesthesia for umbilical surgery are more difficult to carry out. This article presents an illustrated overview of the most common local anaesthetic procedures in cattle as well as in small ruminants and serves as a practical guide for veterinarians in the field. In principle, these techniques can likewise be applied in other ruminants or artiodactyls.

  14. Consumo e dinâmica ruminal da fibra em detergente neutro em bovinos em pastejo no período das águas recebendo suplementação com nitrogênio não-proteico e/ou proteína verdadeira Intake and rumen dynamics of neutral detergent fiber in grazing cattle supplemented with non-protein nitrogen and, or true protein during the rainy season

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Viviane Aparecida Carli Costa

    2011-12-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar o efeito de diferentes relações entre proteína verdadeira e nitrogênio não-proteico sobre o consumo e a dinâmica de trânsito e degradação ruminal da fibra em detergente neutro (FDN da forragem em bovinos em pastejo durante o período das águas. Foram utilizados cinco novilhos mestiços Holandês × Zebu, castrados, com peso corporal inicial de 335±35 kg fistulados no rúmen e no abomaso. Os tratamentos foram: controle (somente pasto; e suplementos com ureia; com 2/3 de compostos nitrogenados oriundos da ureia e 1/3 de compostos nitrogenados oriundos da albumina; com 1/3 de compostos nitrogenados oriundos da ureia e 2/3 de compostos nitrogenados oriundos da albumina; e com albumina. Foram fornecidos 200 g/dia de proteína bruta (PB a partir dos suplementos. O experimento foi conduzido segundo delineamento em quadrado latino 5 × 5, com cinco períodos experimentais de 15 dias. Não foram observados efeitos da suplementação sobre o consumo voluntário, com exceção do consumo de PB, que aumentou com a suplementação. A substituição da ureia por albumina nos suplementos teve efeito linear sobre o consumo de PB. Os consumos dos demais componentes da dieta não foram afetados pela composição dos suplementos. Nenhum efeito foi observado sobre a taxa de passagem ruminal de compostos fibrosos. O fornecimento de suplementos ampliou, em média, a estimativa da taxa comum de latência e degradação da FDN. Contudo, não houve efeito da alteração na composição dos suplementos sobre este parâmetro. A suplementação de bovinos com fontes de compostos nitrogenados degradáveis no rúmen proteicos ou não-proteicos durante o período das águas não afeta o consumo voluntário de pasto.The objective of this study was to evaluate the effect of different true protein:non-protein nitrogen ratios in supplements on intake and ruminal transit and degradation dynamics of neutral detergent fiber (NDF in grazing cattle

  15. Modelos linear e não linear em análises genéticas para sobrevivência de crias de ovinos da raça Santa Inês Linear and nonlinear models in genetic analyses of lamb survival in the Santa Inês hair sheep breed

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    W.H. Sousa

    1999-06-01

    Full Text Available Registros de sobrevivência do nascimento ao desmame de 3846 crias de ovinos da raça Santa Inês foram analisados por modelos de reprodutor linear e não linear (modelo de limiar, para estimar componentes de variância e herdabilidade. Os modelos usados para sobrevivência, analisada como característica da cria, incluíram os efeitos fixos de sexo, da combinação tipo de nascimento-criação da cria e da idade da ovelha ao parto, efeito da covariável peso da cria ao nascer e efeitos aleatórios de reprodutor, da classe rebanho-ano-estação e do resíduo. Componentes de variância para o modelo linear foram estimados pelo método da máxima verossimilhança restrita (REML e para o modelo não linear por uma aproximação da máxima verossimilhança marginal (MML, pelo programa CMMAT2. O coeficiente de herdabilidade (h² estimado pelo modelo de limiar foi de 0,29, e pelo modelo linear, 0,14. A correlação de ordem de Spearman entre as capacidades de transmissão dos reprodutores, com base nos dois modelos foi de 0,96. As estimativas de h² obtidas indicam a possibilidade de se obter, por seleção, ganho genético para sobrevivência.Records of 3,846 lambs survival from birth to weaning of Santa Inês hair sheep breed, were analyzed by linear and non linear sire models (threshold model to estimate variance components and heritability (h². The models that were used to analyze survival, considered in this study as a lamb trait, included the fixed effects of sex of the lamb, combination of type of birth-rearing of lamb, and age of ewe, birth weight of lamb as covariate, and random effects of sire, herd-year-season and residual. Variance components were obtained using restricted maximum likelihood (REML, in linear model and marginal maximum likelihood in threshold model through CMMAT2 program. Estimate of heritability (h² obtained by threshold model was 0.29 and by linear model was 0.14. Rank correlation of Spearman, between sire solutions

  16. Estudio de la fertilidad y viabilidad de quistes hidatídicos ovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    García Llamazares José Luis

    1997-01-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: La finalidad de este trabajo es analizar la fertilidad de los quistes hidatídicos de origen ovino, especie de gran interés epidemiológico en la hidatidosis, y la adecuación del gerbillo (Meriones unguiculatus como modelo experimental para el estudio "in vivo" de dicha hidatidosis, fase preliminar de posteriores estudios terapeúticos. MÉTODOS: Se ha realizado un estudio de la fertilidad y viabilidad de quistes hidatídicos procedentes de pulmones e hígados de ganado ovino de Castilla y León a través del examen y evaluación de una serie de parámetros entre los que figura la producción de una hidatidosis secundaria experimental en animales de laboratorio. RESULTADOS: El índice quístico total obtenido fue de 8,57 quistes por ovino infestado (5,97 quistes por pulmón infestado y 5,57 quistes por hígado infestado. El porcentaje de fertilidad obtenido en los quistes hidatídicos de origen ovino que contenían protoescólex viables "in vitro" fue del 43,97% (43,02% en los quistes pulmonares y 46,16% en los quistes hepáticos. La viabilidad "in vivo" de los protoescólex seleccionados se puso de manifiesto al producirse en el 100% de los gerbillos infectados una hidatidosis secundaria experimental. CONCLUSIONES: Se destaca la validez de los criterios utilizados para estudiar la viabilidad "in vitro" de los protoescólex procedentes de quistes hidatídicos de origen ovino. La hidatidosis secundaria producida en gerbillos nos conduce a considerarlos como especie de experimentación adecuada para la investigación "in vivo" de la hidatidosis de origen ovino.

  17. Primary photosensitization in equidae and ruminants in the Brazilian semi-arid caused by Froelichia humboldtiana (Amaranthaceae)

    OpenAIRE

    Pimentel, Luciano A.; Riet-Correa, Franklin; Guedes, Karla M.R.; Macêdo, Juliana T.S.A.; Medeiros, Rosane M.T.; Dantas, Antônio F.M.

    2007-01-01

    Fotossensibilização é freqüente em eqüinos no semi-árido da região Nordeste, mas jumentos, mulas, ovinos e bovinos são, também, afetados. A dermatite afeta, principalmente, áreas de pele despigmentadas e os animais se recuperam após serem retirados das pastagens. Para comprovar a etiologia da enfermidade Froelichia humboldtiana (Roem. et Schult.) Seub., coletada no campo foi administrada no mesmo dia da colheita ou após ser mantida em refrigerador por 1-4 dias, por períodos de 30 ou mais dias...

  18. Estimação de teores de componentes fibrosos em alimentos para ruminantes em sacos de diferentes tecidos Estimation of fibrous compounds contents in ruminant feeds with bags made from different textiles

    OpenAIRE

    André Oliveira Casali; Edenio Detmann; Sebastião de Campos Valadares Filho; José Carlos Pereira; Maura da Cunha; Kelly da Silva Coutinho Detmann; Mário Fonseca Paulino

    2009-01-01

    Objetivou-se avaliar os teores de fibra em detergente neutro indigestível (FDNi) obtidos por procedimento in situ e a perda de partículas fibrosas em meio aquoso de alguns alimentos para ruminantes, utilizando sacos de diferentes tecidos. Observou-se, concomitantemente, a estrutura física dos tecidos utilizados. Os alimentos avaliados foram: farelo de trigo (FT), casca de soja (CS), silagem de milho (SM) e feno de capim-braquiária (FB); e os tecidos: náilon (50 µm); F57 (Ankom®); e tecido não...

  19. Avaliação lectino-histoquímica de fígado e rim de ovinos com fotossensibilização causada por Brachiaria decumbens

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Samay Z.R. Costa

    2013-08-01

    Full Text Available Embora sejam as forrageiras mais importantes para a pecuária de corte (bovinocultura de corte no Brasil, em certas épocas ou condições, Brachiaria spp. podem ser tóxicas e causar surtos de fotossensibilização hepatógena que determinam significativas perdas econômicas. Animais que se alimentam em pastos de Brachiaria spp. comumente apresentam macrófagos espumosos isolados ou agrupados, além de cristais no interior de ductos biliares. Saponinas esteroidais têm sido identificadas nestes cristais e são responsabilizadas por lesar o fígado levando ao acúmulo de filoeritrina. Por vezes, imagens negativas desses cristais podem estar presentes no citoplasma de macrófagos espumosos. A patogênese de formação e o tipo de material armazenado nas células espumosas ainda são desconhecidos. A técnica de lectino-histoquímica visa auxiliar na detecção desses macrófagos e, consequentemente, no diagnóstico, além de identificar quais os resíduos de açúcares específicos que estão presentes no citoplasma das células espumosas. Assim, este trabalho teve por objetivo identificar quais lectinas são mais indicadas na detecção de saponinas esteroidais no fígado e rim de ovinos com fotossensibilização causada por Brachiaria decumbens. Fragmentos de fígado e rim de quinze ovinos, de ambos os sexos e idade variável, oriundos de Conceição do Mato Dentro, Minas Gerais, e um ovino mantido em pastagem livre de Brachiaria spp. foram avaliados pela técnica de lectino-histoquímica. Quatorze lectinas foram utilizadas (Con-A, DBA, SBA, PNA, SJA, RCA-I, UEA-I, WGA, SWGA, GSL, PSA, PHA-L, PHA-E e LCA. Verificou-se que, no fígado de ovinos com fotossensibilização provocada pela ingestão de Brachiaria decumbens, a lectina PNA apresentou especificidade e acentuada reatividade aos macrófagos espumosos, bem como especificidade e leve reatividade aos hepatócitos; a lectina WGA teve especificidade e moderada reatividade aos macr

  20. Qualidade do leite cru ovino armazenado sob refrigeração | Quality of ovine raw milk stored under refrigeration

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Félix Roman Munieweg

    2017-02-01

    Full Text Available A industrialização de lácteos ovinos é recente no Brasil e a produção é concentrada em regiões de serra, como a Gaúcha. O leite ovino possui alto conteúdo de sólidos comparado ao bovino, com maior rendimento na produção de queijo. A produção deste leite sofre variações sazonais e poderia ser estocado até obter uma quantidade suficiente para processamento. O objetivo deste trabalho foi avaliar parâmetros microbiológicos e físico-químicos no leite proveniente de seis produtores sob armazenamento refrigerado. O leite foi analisado durante sete dias, incluindo contagem padrão em placas (CPP, psicrotróficos, coliformes totais e termotolerantes, Staphylococcus sp. e Staphylococcus aureus, acidez titulável, pH, atividade de água e proteína. Os resultados demonstraram altas contagens microbianas e CPP acima dos limites estabelecidos pela legislação para a maioria das amostras. Contagens de psicrotróficos, coliformes totais e fecais foram elevadas durante este período. A acidez titulável aumentou ao longo dos dias e o conteúdo de proteína diminuiu. As amostras do produtor B apresentaram menores contagens microbianas dentre todas testadas. A estocagem a frio torna-se uma alternativa, a curto prazo, quando há diminuição na produção de leite ovino para beneficiamento a derivados. No entanto, o período de armazenamento refrigerado não deve ultrapassar dois dias, devido à deterioração. ==================================================== The dairy sheep industry is recent in Brazil and the production is concentrated in mountainous regions, such as Serra Gaúcha. Ovine milk has a higher solids content compared to bovine milk, thus with higher yield in cheese production. Sheep milk production undergoes seasonal variations and it could be stored until a sufficient quantity is available for processing. The objective of this study was to evaluate microbiological and physicochemical parameters in ovine milk from six

  1. Histology of sheep temporal bone A histologia do osso temporal do ovino

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hormy Biavatti Soares

    2011-06-01

    Full Text Available Previous studies suggest that there is an excellent correlation between the morphology and dimensions of ear structures in sheep and human beings. AIM: To analyze and describe the histology of structures inside the temporal bone in sheep. MATERIAL AND METHODS: A total of 307 slides obtained from vertical and horizontal sections of the temporal bone of eight sheep were analyzed. Structures were classified as similar or not similar to human structures, based on cellularity and histological architecture parameters. STUDY DESIGN: Experimental. RESULTS: The study revealed similarities between sheep and humans in terms of type of epithelium, bone component, spaces in the auditory meatus, in addition to a marked histological resemblance of cellularity and that of the structures surrounding the ear. The main differences observed were the presence of an anatomic bulla, the absence of aeration in the mastoid and the inferior opening of the hypotympanum into the bulla in sheep. CONCLUSION: Based on these observations, it is possible to conclude that sheep represent an adequate option for training and research in otologic surgery.Resultados prévios apontam para uma ótima correlação entre a morfologia e as dimensões das estruturas anatômicas de ovelhas e seres humanos. OBJETIVO: Analisar e descrever a histologia das estruturas que compõem o osso temporal do ovino. MATERIAL E MÉTODO: Um total de 307 lâminas obtidas a partir de secções verticais e horizontais do osso temporal de oito ovelhas foi analisado. As estruturas foram caracterizadas como semelhantes ou não semelhantes às do ser humano, com base na celularidade e na arquitetura histológica das estruturas. DESENHO CIENTÍFICO: Experimental. RESULTADOS: Constatou-se semelhança quanto ao tipo de epitélio, componente ósseo, espaços da fenda auditiva e arquitetura, além da semelhança, em nível histológico, tanto dos componentes celulares como das estruturas contíguas ao ouvido. As

  2. Parâmetros ruminais e síntese de proteína metabolizável em bovinos de corte sob suplementação com proteinados contendo diversos níveis de proteína bruta Ruminal fermentation characteristics and protein fraction effects on metabolizable protein synthesis of beef cattle fed different levels of crude protein

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Orcirio Fialho de Oliveira

    2009-12-01

    Full Text Available Avaliaram-se os efeitos dos níveis de nitrogênio de suplementos proteicos sobre as concentrações de nitrogênio amoniacal (N-NH3 e ácidos graxos voláteis (AGV e o pH em bovinos de corte em pastagem de capim-marandu (Brachiaria brizantha, cv. Marandu. Foram realizadas estimativas da síntese microbiana, do aporte de proteína nãodegradável no rúmen (PNDR e proteína endógena e das suas contribuições no pool de proteína metabolizável (PM. Quatro bovinos Nelore com 395 ± 9 kg, fistulados no rúmen, foram utilizados nas medidas dos parâmetros ruminais e nas avaliações da degradabilidade, da cinética ruminal e das estimativas de síntese microbiana em um delineamento quadrado latino 4 ×4. Suplementos com 30, 40 ou 50% de proteína bruta (PB foram fornecidos na quantidade de 400 g/animal.dia para comparação a um grupo controle, sem suplementação proteica. Os animais foram mantidos em pastagens de Brachiaria brizantha, cv. Marandu, distribuídos em quatro piquetes com área de 1,0 ha cada, com oferta do suplemento e retirada das sobras, realizada diariamente. As concentrações de N-NH3 nos animais que receberam o suplemento com 50% PB foram superiores às observadas naqueles sob suplementação com 40% PB e no grupo controle, mas foram semelhantes às observadas no grupo sob suplementação com 30% PB. As concentrações de AGV no grupo sob suplementação com 30% PB foram superiores às observadas no grupo controle e semelhantes às obtidas com suplementação com 40 e 50% PB. O pH não diferiu entre os grupos. A estimativa de oferta de proteína microbiana e de PNDR foi maior para os animais sob suplementação com proteína em relação à observada no grupo controle.The effects of nitrogen levels of protein supplements were evaluated on the concentrations of ammonical nitrogen (N-NH3, volatile fatty acids (VFA's concentrations and pH in beef cattle grazing Brachiaria brizantha cv. Marandu. The microbial protein synthesis

  3. Níveis de proteína bruta em dietas para bovinos de corte: consumo e digestibilidades total e parcial dos nutrientes Crude protein levels in diets of beef cattle: intake and apparent total tract, intestinal, and ruminal digestibilities of nutrients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Andréa Borges Cavalcante

    2005-12-01

    Full Text Available Avaliaram-se os consumos e as digestibilidades total e parcial dos nutrientes em novilhos Holandês x Zebu recebendo dietas contendo quatro níveis de proteína bruta (10,5; 12; 13,5 e 15% de PB na matéria seca, constituídas de 65% de feno de capim-tifton 85 e 35% de concentrado. Foram utilizados quatro animais castrados, fistulados no rúmen e abomaso, com peso vivo médio inicial de 487,3 kg, distribuídos em um quadrado latino 4 x 4. Cada período experimental teve duração de 20 dias - 10 para adaptação às dietas, seis para coletas de amostras de fezes e digestas de abomaso, um para a coleta de líquido ruminal, um para a coleta total de urina, em 24 horas, e dois para a coleta de conteúdo ruminal. Para determinação da excreção fecal, utilizou-se o óxido crômico como indicador. Os consumos de matéria seca (MS, matéria orgânica (MO, fibra em detergente neutro (FDN e nutrientes digestíveis totais (NDT não foram influenciados pelos níveis de proteína bruta (PB das dietas, mas os consumos de PB aumentaram e os de extrato etéreo (EE e carboidratos não-fibrosos (CNF reduziram com o incremento de PB das dietas. As digestibilidades aparentes totais da MS, MO e PB aumentaram linearmente com a concentração protéica das dietas. As digestibilidades aparentes ruminal e intestinal dos nutrientes não foram afetadas pelos níveis de PB das dietas, com exceção à digestibilidade intestinal da PB, que aumentou 2,77 unidades para cada percentual de PB acrescentado à dieta.The objective of this trial was to study the effects of different dietary levels of crude protein (CP on intake and apparent total tract, intestinal, and ruminal digestibilities of nutrients in Holstein x Zebu steers. The diets contained [dry matter (DM basis]: 10.5, 12, 13.5, or 15% of CP and a forage (Tifton 85:concentrate ratio of 65:35. Four castrated animals averaging 487.3 kg of body weight at the beginning of the trial and fitted with both abomasum and

  4. Roughage/concentrate ratio on ruminal ammonia concentration, pH and volatile fatty acids in crossbred dairy cows Relação volumoso:concentrado sobre as concentrações ruminais de amônia, ph e ácidos graxos em vacas leiteiras mestiças

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cellyneude de Souza Olivindo

    2008-04-01

    Full Text Available The objective with this study was to evaluate the effects of concentrate levels in ruminal ammonia concentration, pH and volatile fatty acids (VFA. Twelve canulated cows, no lactating and no pregnant, were randomly distributed in blocks. Cows were fed Russel grass (Cynodon sp hay ad libitum and concentrate in the proportions of 25%, 50% and 75% of dry matter. Two experimental periods, which 23 days for diet adaptation, and the 28th day for rumen fluid sampling (0, 2, 4, 6, 8, 10 and 12 hours. Ruminal N-NH3 concentration reduced by increasing the levels of concentrate in diets. Rumen pH reduced with sampling time and concentrate level. Total VFA concentration were not affected, but acetate:propionate ratio increased.O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da inclusão de níveis crescentes de concentrados nas rações, sobre as concentrações de amônia e pH ruminal e sobre as concentrações dos ácidos graxos voláteis no rúmen. Foram utilizadas doze fêmeas bovinas, não lactantes e não gestantes, dotadas de cânulas ruminais distribuídas em blocos casualizados em um arranjo fatorial 6 x 3. Estes animais foram alimentados á vontade com feno Russel grass (Cynodon sp e concentrados nas proporções de 25%, 50% ou 75% com base na matéria seca. O experimento constou de dois sub-períodos experimentais com duração de 28 dias cada, sendo 23 dias de adaptação, e o 28 para a colheita de líquido ruminal (0, 2, 4, 6, 8, 10 e 12 horas. Observou-se redução linear nas concentrações de N-NH3 com o aumento dos níveis de concentrado; o pH reduziu linearmente em função dos tempos de coleta das amostras e dos níveis de concentrados nas rações. Não houve efeito significativo das proporções de concentrados sobre a concentração de AGVs totais, porém foi observado um efeito linear significativo sobre as relações acetato:propionato.

  5. Prevalencia de Sarcocystis sp. en vacunos, ovinos y caprinos beneficiados en los camales de Lima

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Julia Castro

    2014-06-01

    Full Text Available Se ha realizado el presente estudio para determinar la prevalencia de Sarcocystis sp. en vacunos, ovinos y caprinos utilizando el método del tríquinoscopio con muestras de tejido cardíaco y esófago. Los resultados mostraron que de 85 muestras de tejido cardíaco de ganado vacuno, 76 fueron positivas (89.5%; de 134 muestras de ganado ovino 122 fueron positivas (91.04% mientras que de 63 muestras de ganado capriino solo en 33 (52.4% se encontró la presencia del parásito. En cuanto a las muestras de esófago los porcentajes de parasitismo fueron los siguientes: 2% para el vacuno; 39.8% para el ovino y 76.2% para el caprino. Estos valores indicaron que el mayor parasitismo en vacunos y ovinos está localizado en el corazón, mientras que en caprinos el órgano más infestado es el esófago. Por lo tanto existe un elevado parasitismo por Sarcocystis sp. en el ganado beneficiado para consumo humano.

  6. Fontes protéicas e energéticas com diferentes degradabilidades ruminais para vacas em lactação = Protein (raw or rosted soybeans and energy (coursely ground or steamflaked corn sources with varying ruminal degradabilities for lactating cows

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Éberson de Castilho Barnabé

    2007-04-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a combinação de fontes de energia e proteína com diferentes degradabilidades ruminais. Foram utilizadas quatro vacas multíparas (23 kg leite dia-1 em Quadrado Latino 4 x 4 com arranjo fatorial 2 x 2: duas fontes de proteína (soja crua ou tostada e duas de energia (milho moído, grosso oufloculado. O tratamento com milho moído grosso e soja tostada resultou em maior consumo de matéria seca (p 0,05 o desempenho lactacional. A tostagem da soja e a floculação do milho diminuíram (p The objective of this trial was the evaluation of ruminal degradation synchrony of protein and energy sources. Four Holstein cows (23 kg day-1 were used in a 4 x 4 Latin Square design and 2 x 2 factorial arrangement: two protein (raw vs. roasted soybeans with two energy sources (coarsely ground vs. steam-flaked corn. Dry matter intake was higher for cows fed coarsely ground corn with roasted soybean (p 0.05. Rumen pH was not affected by treatments (p > 0.05. Both roasted soybeans and flaking of corn decreased rumen ammonia nitrogen (p < 0.01. Animal fed steamflaked corn tended showed higher total VFA molar concentrations (p = 0.10, but there were no treatments effect on ruminal pH. A higher (p = 0.06 ruminal starch digestibility was observed for raw soybean treatment.

  7. Rumen dynamics of neutral detergent fiber in cattle fed low-quality tropical forage and supplemented with nitrogenous compounds Dinâmica ruminal da fibra em detergente neutro em bovinos alimentados com forragem tropical de baixa qualidade e suplemento com compostos nitrogenados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudia Batista Sampaio

    2009-03-01

    Full Text Available The aim of this work was to evaluate the effects of supplementation with nitrogenous compounds on rumen dynamics of neutral detergent fiber (NDF in cattle fed low-quality tropical forage. Five crossbred heifers with average live weight of 180 kg and fitted with rumen cannulae were used. The animals were fed ad libitum with signal grass (Brachiaria decumbens Stapf. hay, which had crude protein (CP content of 4.86% of dry matter (DM. The five treatments were proposed in order to raise the CP level of diets to 0, 2, 4, 6, and 8 percentile points above the CP level of the forage. The supplement was a mixture of urea, ammonium sulfate, and albumin (4.5:0.5:1.0, respectively. The experiment was carried out according to a 5 × 5 Latin square design, with five experimental periods. The average CP levels in the diets were: 5.19, 7.11, 8.60, 11.67, and 13.02% on DM basis. The potentially degradable NDF was linearly increased according to the CP levels in diet up to 6.97% of CP. From this point, there was stabilization of estimates (47.87% of NDF. The degradation rate of potentially degradable NDF was linearly increased with the CP levels in diets. The rumen flow of fibrous particles (L showed a linear-response-plateau pattern according to the CP levels in diets. The plateau (maximum estimate began on 7.24% of CP. The mean retention time in the rumen and the rumen fill effect of undegradable NDF were affect by the CP levels similarly to L, with plateau (minimum beginning on 6.90 and 6.97% of CP, respectively.Objetivou-se avaliar os efeitos da suplementação com compostos nitrogenados sobre a dinâmica ruminal da fibra em detergente neutro (FDN em bovinos alimentados com forragem tropical de baixa qualidade. Foram utilizadas cinco novilhas mestiças Holandês × Zebu, com peso vivo médio inicial de 180 kg, fistuladas no rúmen. A alimentação volumosa basal dos animais foi constituída por feno de capim-praquiátia (Brachiaria decumbens Stapf (4,86% de

  8. Resultado econômico da produção de ovinos para carne em pasto de azevém e confinamento - DOI: 10.4025/actascianimsci.v31i1.3995 Economic results of sheep production on ryegrass pasture or feedlot - DOI: 10.4025/actascianimsci.v31i1.3995

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Angela Machado Fernandes

    2009-05-01

    Full Text Available O trabalho objetivou analisar a viabilidade econômica da produção de cordeiros para carne e identificar os componentes que exercem maior influência sobre o custo de produção. Este estudo foi realizado em duas etapas. Primeira etapa: experimento no Lapoc-UFPR, em 2004, que comparou a terminação de cordeiros para abate aos 32 kg: (1 desmame aos 40 dias e terminação em pasto, (2 cordeiro com mãe em pasto, (3 cordeiro com mãe em pasto e creep feeding (1% PV dia-1 de concentrado e (4 desmame aos 40 dias e confinamento. Segunda etapa: um módulo de 150 ovelhas foi projetado a partir do experimento para avaliações econômicas. Foram realizados cálculos de custo fixo, variável, total, lucratividade e rentabilidade, valor presente líquido, taxa interna de retorno e benefício:custo. O confinamento exigiu maior investimento inicial, sendo 21% maior que os sistemas em pasto. A margem líquida anual foi positiva em todos os sistemas, e o resultado econômico foi positivo apenas no sistema sem desmame. A mão-de-obra e a alimentação foram os maiores custos em todos os sistemas. A maior lucratividade foi observada com cordeiros terminados em pasto, sem desmame. Todos os sistemas apresentaram VPL negativo e TIR menor que 5% a.a. A terminação de cordeiros em pastagem sem desmame apresenta melhores resultados econômicos.This study evaluated economic return of lamb meat production and identified the compounds that have greater influence on production cost. The study was carried out in two stages. Stage 1: experiment at Lapoc-UFPR in 2004 to compare lamb finishing for slaughter at 32 kg: (1 40-days-old weaned lamb kept under pasture; (2 lamb with mother on pasture; (3 lamb with mother on pasture and concentrate (1% BW day-1 in creep feeding; and (4 40-days-old weaned lamb in feedlot. Stage 2: a module of 150 ewes was projected for economic evaluations considering meat and animals for breeding sale. Calculation of fixed, variable, total costs

  9. Morphometry of the ruminal mucosa of Santa Ines lambs fed with levels of palm kernel cake (Elaeis guineensis, from biodiesel productionMorfometria da mucosa ruminal de cordeiros Santa Inês alimentados com níveis de torta de dendê (Elaeis guineensis, oriunda da produção do biodiesel

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Regina Bagaldo

    2011-08-01

    Full Text Available The work was carried out to determine the best level of inclusion of palm kernel cake in the concentrate-based morphometry evaluation of the ruminal mucosa in Santa Ines lambs. The experiment lasted 80 days, the Tifton-85 hay in a proportion 50 forage 50concentrado. The food was offered at 9:00 and 16:00. We used 32 sheep of Santa Ines, between 4 and 6 months and body weight of 22 ± 2.75 kg. The experiment was a completely randomized design with four treatments and eight repetitions. The treatments consisted in the inclusion levels of palm kernel cake (0.0, 6.5, 13.0 and 19.5% in the dry matter. Variables evaluated in the ruminal mucosa were: height, width, area, density and thickness of papillary muscular layer of the rumen in the regions of the dorsal and ventral sac. There were no significant differences in the region of the dorsal sac of the rumen for variables analyzed with the inclusion of palm kernel cake in the diet. The ventral surface papillary bag quadratic effect, whereas the thickness of muscular layer decreasing linear effect. The inclusion of up to 19.5% palm kernel cake had no significant effect on the morphology of the papillae may be included in the diet of Santa Ines lambs.O trabalho foi realizado com o objetivo de determinar o melhor nível de inclusão da torta de dendê no concentrado com base na avaliação da morfometria da mucosa ruminal em cordeiros Santa Inês. O período experimental foi de 80 dias, sendo o feno de tifton-85 utilizado na proporção 50 volumoso:50concentrado. O alimento foi ofertado às 9h00 e 16h00. Foram empregados 32 ovinos da raça Santa Inês, entre 4 e 6 meses e peso corporal de 22 ± 2,75kg. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado, com quatro tratamentos e oito repetições. Os tratamentos constituíram-se nos níveis de inclusão da torta de dendê (0,0; 6,5; 13,0 e 19,5 % na matéria seca da ração. As variáveis avaliadas na mucosa ruminal foram: altura, largura, superf

  10. Intake, digestibility, ruminal parameters, and microbial protein synthesis in crossbred steers fed diets based on Brachiaria grass silage and sorghum silage Consumo, digestibilidade, parâmetros ruminais e síntese de proteína microbiana em novilhos cruzados alimentados com dietas a base de silagem de braquiária e silagem de sorgo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    F.H.M. Chizzotti

    2009-12-01

    Full Text Available A trial was carried out with four Holstein x Nellore crossbred steers (225±22kg of BW fitted with ruminal and abomasal cannulaes in a 4 x 4 Latin Square design to evaluate the intake and the total and partial apparent digestibilities of nutrients, ruminal parameters, and microbial synthesis. Diets consisted of 60% silage and 40% concentrate formulated to be isonitrogenous (12.5% of crude protein, dry matter basis. Treatments consisted of different proportions of Brachiaria brizantha grass silage and sorghum silage: 100:0; 67:33; 33:67, and 0:100%, respectively, on dry matter basis. The intake of dry matter, organic matter, crude protein, ether extract, non-fiber carbohydrates, and total digestible nutrients linearly increased (P0.05 by the treatments. The use of 67% of sorghum silage and 33% of grass silage increased intake and digestibility of nutrients without affecting ruminal pH, ruminal NH3-N, and microbial efficiency.Realizou-se um estudo com quatro novilhos cruzados Holandês x Nelore (225±22kg de peso vivo, canulados no rúmen e abomaso, distribuídos em quadrado latino 4 x 4 para avaliar o efeito de diferentes proporções de silagem de Braquiária brizantha e silagem de sorgo sobre o consumo e a digestibilidade dos nutrientes no trato digestório total e parcial, sobre os parâmetros ruminais e sobre a eficiência microbiana. As dietas continham 60% de volumoso e 40% de concentrado e foram formuladas para serem isonitrogenadas (12,5% de proteína bruta na matéria seca. Os tratamentos consistiram em diferentes proporções de silagens de Brachiaria brizantha e de sorgo: 100:0; 67:33; 33:67 e 0:100%, respectivamente (% da matéria seca. O consumo de matéria seca, matéria orgânica, proteína bruta, extrato etéreo, carboidratos não-fibrosos e nutrientes digestíveis totais aumentou linearmente (P0,05. O uso de 67% de silagem de sorgo com 33% de silagem de braquiária aumentou o consumo e a digestibilidade dos nutrientes sem afetar

  11. Produção de leite, consumo e digestibilidade aparente dos nutrientes, pH e concentração de amônia ruminal em vacas lactantes recebendo rações contendo silagem de milho e fenos de alfafa e de capim-coastcross

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Moreira Andréia Luciane

    2001-01-01

    Full Text Available Utilizaram-se 10 vacas lactantes HPC e mestiças H*Z, com 55 dias de parição, peso médio de 540 kg, distribuídas em um delineamento em switch-back com o objetivo de avaliar a produção e a composição do leite, o consumo e a digestibilidade aparente de matéria seca (MS, matéria orgânica (MO, fibra em detergente neutro (FDN, proteína bruta (PB, carboidratos totais (CT e extrato etéreo (EE, e o pH e a concentração de amônia ruminal. Os animais foram alimentados ad libitum com cinco dietas contendo silagem de milho (SM, feno de alfafa (FA, feno de capim-coastcross (FCC, ½ FA+½ SM, ½ FCC+1/2 SM, na proporção de 60%, da ração total (base de matéria seca. Os consumos dos nutrientes não foram influenciados pelas dietas. As digestibilidades aparentes de MS, PB e FDN foram maiores para as dietas contendo silagem de milho. O pH e a concentração de amônia do líquido ruminal não foram influenciados pelas dietas, porém observou-se resposta quadrática para o tempo de coletas. Registrou-se maior produção de leite para os animais que receberam silagem de milho. Os teores de proteína bruta e gordura do leite não foram influenciados pelas dietas.

  12. Variáveis ruminais, concentração de uréia plasmática e excreções urinárias de nitrogênio em vacas leiteiras alimentadas com concentrado processado de diferentes formas Ruminal metabolism, plasma urea concentration, and urinary excretion of nitrogen of dairy cows fed concentrate processed in different forms

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Humberto Luiz Wernersbach Filho

    2006-06-01

    Full Text Available O objetivo neste estudo foi avaliar a influência do tipo de processamento do concentrado sobre o pH e a amônia ruminal, a concentração de uréia no plasma e as excreções urinárias de vacas leiteiras alimentadas com dietas contendo diferentes relações volumoso:concentrado. Foram utilizadas 16 vacas da raça Holandesa, puras e mestiças, em dois níveis de produção de leite (30 e 20 kg/dia, distribuídas em quatro quadrados latinos (dois para cada nível de produção, com quatro períodos de 15 dias. As dietas experimentais, isoprotéicas, foram constituídas à base de silagem de milho com relações volumoso:concentrado 50:50 e 60:40 na MS, visando produções de 30 e 20 kg de leite/dia, respectivamente. Imediatamente antes e 3 horas após a alimentação matinal, não houve diferenças nos valores de pH e amônia ruminal nos diferentes níveis de produção. Contudo, nas vacas alimentadas com a dieta com concentrado extrusado, a concentração de amônia ruminal foi menor 3 horas após a alimentação. Não houve diferença nas concentrações de uréia plasmática entre os tratamentos e as excreções urinárias de nitrogênio diferiram somente com o concentrado contendo alto teor de energia parcialmente processado.The objective of this trial was to study the effects of different forms of concentrate processing on ruminal pH and ammonia as well as on plasma concentration of urea. Sixteen dairy cows, pure Holstein and crossbred, were blocked by production level (30.0 and 20.0 kg/day and randomly assigned to two Latin squares with four periods of 15 days each. Diets were isonitrogenous and contained the following forage (corn silage:concentrate ratios: 50:50 and 60:40 (% of DM for cows yielding 30.0 and 20.0 kg of milk/day, respectively. Ruminal pH and ammonia (N-NH3 did not differ at 0 h (pre-feeding and at 3 h after the morning feeding in the different production levels. However, it was observed lower ruminal ammonia concentration

  13. Morfofisiologia da inervação do diafragma de ovinos Morphophysiology of diaphragm innervation in sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana E.F. de Almeida

    2008-09-01

    Full Text Available Foram estudados em 30 diafragmas de ovinos da raça Santa Inês, a origem, a divisão e a distribuição dos nervos frênicos direito e esquerdo (Fde e a participação de outros nervos na inervação do diafragma. Mediante fixação e dissecação das peças foi observado que os nervos frênicos (F originam-se a partir dos ramos ventrais do 5º (C5 e 6º (C6 nervos espinhais cervicais (Ec tanto à direita (46,67% como à esquerda (43,33%. Os F finalizam em tronco lombocostal e ramo esternal à direita (40,00% e em ramo lombar, costal e esternal à esquerda (36,68%. Os ramos lombares dos F inervam à esquerda (96,67% o pilar homolateral do diafragma e, à direita (50,00% fornecem filetes à veia caudal. Os ramos costais dos F ramificam à esquerda (90,00% e à direita (76,67% as regiões dorsal e ventral da pars costalis. Os ramos esternais dos F inervam à direita (100,00% e à esquerda (83,33% a pars sternalis e a região ventral da pars costalis do mesmo lado. Os nervos intercostais (VIII ao XII pares, 63,33% contribuem na inervação do diafragma de ovinos da raça Santa Inês.Thirty diaphragms of sheep of Santa Inês breed were studied regarding their origin, division and arrangement of the right and left phrenic nerves (Fde, and the participation of other nerves in the innervation of the diaphragm. By fixing and dissecting pieces, it was found that phrenic nerves (F frequently come from the ventral branches of the 5th (C5 and 6th (C6 cervical spinal nerves (Ec, at right (46.67% and at left (43.33%. The F often form a lumbocostal trunk, sternal branches at right (40.00% and lumbar, costal and esternal branches at left (36.68%. The lumbar branches of F innervate frequently at left (96.67% the homolateral pillar of the diaphragma, and at right (50.00% they give fillets to Vena cava caudalis. The costal branches of the F innervate at left (90.00% and at right (76.66% the dorsal and ventral regions of the pars costalis. The sternal branches of

  14. Evolução das lesões histológicas e ultra-estruturais no fígado de ovinos e bovinos experimentalmente intoxicados por Myoporum laetum Histological and ultrastructural evolution of liver lesions in experimental Myoporum laetum poisoning of sheep and cattle

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Josiane Bonel-Raposo

    2003-12-01

    Full Text Available Amostras de Myoporum laetum foram colhidas durante a primavera e verão e administradas a cinco ovinos e seis bovinos em doses únicas de 20 e 30 g/kg. Biópsias hepáticas foram colhidas antes (controles e 1, 3 e 7 dias após a dosagem da planta. Estas biópsias foram analisadas histológica e ultra-estruturalmente. Os sinais clínicos, em ovinos, caracterizaram-se, especialmente, por depressão, diminuição dos movimentos ruminais, fezes ressequidas, tenesmo, ranger de dentes, dispnéia e lesões típicas de fotossensibilização. Em bovinos, o quadro clínico foi discreto. Os principais achados histológicos, em ovinos, incluíram vacuolização de hepatócitos, fibrose portal, proliferação de ductos biliares e necrose de hepatócitos periportais. Os estudos ultra-estruturais, em ovinos, revelaram hiperplasia do retículo endoplasmático liso, tumefação de hepatócitos, degranulação e vesiculação do retículo endoplasmático rugoso, presença de cristais aciculares, retenção biliar, tumefação de mitocôndrias e várias outras alterações degenerativas. Em bovinos, tanto os achados histológicos, quanto os ultra-estruturais foram menos evidentes.Green leaves of Myoporum laetum were collected during spring and summer, and administered to five sheep and six steers at dosages of 20 and 30 g/kg. Liver biopsies were taken before (Controls and 1, 3 and 7 days after dosage. In sheep, the clinical signs were depression, rumen hypomotility, dried feces, tenesmus, teeth grinding, dyspnea and typical lesions of photosensitization. In cattle, the clinical picture was much less pronounced. The main histological findings in sheep were vacuolization of hepatocytes, portal fibrosis, bile duct proliferation and necrosis of periportal hepatocytes; the ultrastructural examination revealed hyperplasia of the smooth endoplasmic reticulum, hepatocellular hydropic degeneration, presence of crystals and several other degenerative changes. In cattle both

  15. Carcass and non carcass components characteristics of lambs fed with diets containing castor mea Características da carcaça e dos componentes não-carcaça em ovinos alimentados com rações à base de farelo de mamona

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Abner José Girão Meneses

    2010-03-01

    Full Text Available The objective of this work was to evaluate the effect of substitution of soybean meal by detoxified castor meal on carcass characteristics of sheep. Twenty crossbred lambs weighting 19.3 kg and averaging 7 months of age were randomly assigned to four treatments (0, 50, 75 and 100% of substitution on DN basis. The roughage used was elephant grass (Pennisetum purpureum Schum. hay. The diets were isonitrogenous and isocaloric, and fed twice daily. In the following day, orts were collected, being kept around 15%. The experiment lasted 70 days, when animals were slaughtered in a completely randomized design with four treatments and five repetitions. No significantly differences were observed among the levels of substitution for body weight (BW, weight of slaughter (WS, losses due to fasting (LDF, hot carcass weight (HCW, cold carcass weight (CCW, cooling losses (CL, length of carcass (LC, hip of perimeter (HP, hip width (HW and degree of resignation (DR. The regression analysis showed a quadratic effect for real and biological yields, with a better organic level of 100% substitution. In non carcass components, no significantly differences were registered for viscera, full gastrointestinal tract, empty gastrointestinal tract, genitals, head and legs. For the variable skin, the regression analysis showed a quadratic effect, presenting a point of maximum at 44% for replacement. The detoxified castor meal can substitute 100% of the soybean meal.Objetivou-se avaliar o efeito da substituição do farelo de soja pelo farelo de mamona destoxificado sobre as características da carcaça e dos componentes não-carcaça. Foram utilizados 20 borregos, machos, com peso vivo de 19,3kg e 7 meses de idade, distribuídos aleatoriamente em quatro tratamentos de 0, 50, 75 ou 100% de substituição, com base na matéria seca. O volumoso utilizado foi o feno de capim-elefante. As rações foram fornecidas diariamente em duas refeições e coletaram-se, no dia seguinte

  16. A somatotrofina bovina recombinante sobre a ovulação, condição corporal e níveis séricos de colesterol e glicose em ovinos Bovine recombinant somatotropin on ovulation, body condition score and cholesterol and glucose serum levels in sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andréa Azevedo Pires de Castro

    2002-06-01

    Full Text Available O objetivo do presente estudo foi o de avaliar o efeito da somatotrofina bovina recombinante (BSTr sobre a taxa de ovulação após a indução, sobre o metabolismo intermediário do colesterol e da glicose em ovelhas, e no o ganho de peso de cordeiros lactentes cujas mães foram tratadas com BSTr bem como as variações do peso e escore corporal das mesmas. Utilizou-se para tanto 3mg/kg de BSTr em formulação de liberação prolongada em dose única para o primeiro experimento e, 4mg/kg para o segundo. No primeiro experimento, os resultados obtidos mostraram que a incidência de estro foi de 100% nos grupos controle e tratado, onde o número de corpos lúteos encontrados foi de 0,9 ± 0,18 no grupo controle e 1,18 ± 0,12 no grupo tratado, não sendo diferentes estatisticamente. Também não houve diferenças entre os grupos quanto aos níveis de colesterol e glicose. No experimento 2, houve uma diminuição na condição corporal das ovelhas do grupo tratado entre os dias 1 e 10 e seu aumento entre os dias 10 e 20, (pThe aim of the present study was to investigate if the rBST was able to improve ovulation rates in ewes syncronizated with progesterone, to verify its effects on cholesterol and glucose metabolism (experiment one and to evaluate weight gain in lactating ewes and their products (experiment two. Ewes were treated with 3mg/kg of rBST in the first experiment and 4mg/kg in the second. Ovulation rates were 0.9 ± 0.18 for the control group and 1.18 ± 0.12 for the treated group, and were not statisticaly different. Additionally, no differences between the groups were found in glucose and cholesterol serum levels in the first experiment. On the second experiment, body conditions scores in the treated group were decreased between days 1 to 10, then, increased between days 10 to 20 (p<0.05. Weight gain of lambs and ewes and body condition scores variations between days 1 and 20 were not different. In conclusion, rBST is not able to affect

  17. Influência dos genes candidatos MC1R, ASIP, TYRP1 e kit na pigmentação em ovinos crioulos e predição do efeito dos polimorfismos não sinônimos no gene MC1R humano

    OpenAIRE

    Diego Hepp

    2015-01-01

    A coloração dos animais é uma característica que apresenta uma grande diversidade de fenótipos nas diferentes espécies. Diferentes abordagens podem ser utilizadas para o entendimento da diversidade na coloração existente nas espécies animais. Através da análise de genes candidatos as mutações responsáveis pela variação na coloração têm sido descritas em diferentes espécies, demonstrando o envolvimento de mecanismos moleculares variados na sua regulação. Este trabalho tem por objetivo a utiliz...

  18. Alterações ultrassonográficas renais e vesicais de ovinos confinados e suplementados com cloreto de amônio

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Danilo O.L. Ferreira

    2014-12-01

    Full Text Available Resumo: A incidência da urolitíase obstrutiva em ovinos é elevada, principalmente em machos confinados, tanto para produção de carne, quanto reprodutores de alto valor genético. A acidificação urinária é um dos métodos para prevenção desta enfermidade e pode ser realizada de forma eficaz com a suplementação de cloreto de amônio (CA na dieta. Utilizaram-se 100 ovinos, machos não castrados, mestiços (Ile de France X White Dorper, confinados, com idade aproximada de três meses. Constituíram-se três grupos experimentais: Grupo 21CA (n=40 que recebeu 400mg/kg/PV de cloreto de amônio/animal/dia, por 21 dias consecutivos; Grupo 42CA (n=40 que foi suplementado com 400mg/kg/PV de cloreto de amônio/animal/dia, por 42 dias consecutivos; Grupo controle (n=20, que não recebeu CA. A alimentação consistiu de ração total, composta por 15% de feno triturado e 85% de concentrado, água e sal mineral ad libitum. Após 14 dias de adaptação à alimentação e ao ambiente, os Momentos (M de avaliação clínica, colheita de sangue e exame ultrassonográfico foram realizados com intervalo de sete dias, sendo M0 (imediatamente antes do início do tratamento com cloreto de amônio, M1 (sete dias após, M2 (14 dias após, M3 (21 dias após o início do tratamento e suspensão do cloreto de amônio em Grupo 21CA, M4 (28 dias após, M5 (35 dias após e M6 (42 dias após, totalizando 56 dias de confinamento. As dosagens de ureia e creatinina não evidenciaram alteração na função renal, embora a ureia estivesse acima dos valores de referência para espécie ovina. Observaram-se imagens ultrassonográficas compatíveis com cálculos vesicais e dilatação de pelve renal. No Grupo 21CA, 15% (6/40 dos animais apresentaram cálculos vesicais; no Grupo 42CA, 5% (2/40; e no Grupo controle, 20% (4/20 dos cordeiros. Visibilizaram-se também imagens sugestivas de sedimentos e cristais em 31% (31/100 dos animais examinados. A ultrassonografia permitiu

  19. Doenças de ovinos da região Central do Rio Grande do Sul: 361 casos Diseases of sheep from central Rio Grande do Sul State, Brazil: 361 cases

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel R. Rissi

    2010-01-01

    Full Text Available Foram pesquisados os arquivos do Laboratório de Patologia Veterinária (LPV da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM e revisados os diagnósticos de doenças de ovinos realizados entre 1990 e 2007. No período estudado foram realizados 19.476 exames de animais domésticos. Desses, 6.816 (34,9% correspondiam a necropsias e 12.660 (65,1% a exames histopatológicos realizados em materiais enviados por veterinários de campo. Materiais provenientes de experimentos em ovinos foram excluídos deste estudo, sendo obtidas 354 (5,1% necropsias e 163 (1,2% exames histopatológicos de ovinos. O diagnóstico foi conclusivo em 265 (74,8% casos de necropsias e em 96 (59% casos dos exames histopatológicos, somando 361 casos conclusivos. Esses casos foram divididos em grupos conforme a etiologia: 150 casos (41,6% de intoxicações e toxiinfecções; 142 casos (39,3% de doenças infecciosas e parasitárias; 31 casos (8,6% de doenças metabólicas e nutricionais; 13 casos (3,6% de neoplasmas e lesões tumoriformes; sete casos (1,9% de distúrbios causados por agentes físicos; seis casos (1,7% de distúrbios iatrogênicos; e quatro casos (1,1% de distúrbios do desenvolvimento. Oito casos (2,2% foram classificados em outros distúrbios por não se enquadrarem em nenhum dos outros grupos. Hemoncose e intoxicação por Nierembergia veitchii foram as doenças mais importantes para ovinos nesses 18 anos.An 18-year (1990-2007 database search in the files of the Laboratory of Veterinary Pathology (LPV of the Universidade Federal de Santa Maria (UFSM, Rio Grande do Sul state, Brazil was carried out. In this period, 19,476 exams in domestic animals were done. Out of these exams, 6,816 (34.9% were necropsies and 12,660 (65.1% were performed in mailed samples from practitioners. Experimental cases were excluded from this study and corresponded to 54 necropsies and 15 histopathologic exams. After the exclusion 354 (5.1% necropsies and 163 (1.2% histopathologic exams

  20. Parâmetros cinéticos da degradação in vitro de alimentos incubados com inóculo microbiano de diferentes espécies de ruminantes Kinetic parameters of the ruminal in vitro degradation of feedstuffs given to different ruminant species

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.R.G.F. Bezerra

    2005-08-01

    Full Text Available Parâmetros cinéticos da degradação ruminal de alguns alimentos utilizados para ruminantes de zoológicos foram estimados mediante incubação in vitro com líquido ruminal de audade (Ammotragus lervia, cervo sambar (Cervus unicolor, elande (Taurotragus oryx, bovino (Bos taurus, bubalino (Bubalus bubalis, caprino (Capra hircus e ovino (Ovis aries. Os parâmetros cinéticos foram estimados pela técnica da produção de gás, cujos dados foram ajustados pelos modelos de um e de duplo compartimento. Não foram detectadas diferenças nos parâmetros cinéticos que permitissem agrupar os alimentos (fibrosos × não fibrosos e os animais (domésticos × silvestres. O modelo de duplo compartimento foi o mais adequado para a estimação dos parâmetros cinéticos da degradação ruminal. Inóculo microbiano oriundo de ruminantes domésticos não é recomendado para estimar parâmetros cinéticos da degradação ruminal de alimentos utilizados para ruminantes silvestres de zoológicos.The estimation of the ruminal kinetic parameters of pumpkin, potato-sweet, beet, broccoli, carrot, alfalfa hay, alfalfa pellet and bean, currently used for feeding wild and domestic ruminants raised in the Rio de Janeiro Zoo, was made through in vitro incubation of the feedstuffs together with ruminal fluid obtained from aoudad (Ammotragus lervia, sambar deer (Cervus unicolor, eland (Taurotragus oryx, cattle (Bos taurus, buffalo (Bubalus bubalis, goat (Capra hircus and sheep (Ovis aries. The gas production technique was used to obtain gas profiles, and the data were fitted by the mono or double compartmental model. The kinetic parameters were discrepant among both, animals and feedstuffs, and the double compartmental model gave the best estimation. Ruminal inocula from domestic ruminants can not be used to estimate the kinetic parameters of ruminal degradation of feedstuffs for wild ruminants.

  1. Estudio comparativo del efecto del pastoreo por ovinos y bovinos en pasturas asociadas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lascano Aguilar Carlos Eduardo

    1988-06-01

    Full Text Available Las asociaciones A. gayanus + C. acutifolium y B. dictyoneura + D. ovalifolium se pastorearon por ovinos y bovinos con dos intensidades de manejo, empleando un diseño de parcelas subdivididas no replicado. Se midio disponibilidad, calidad del forraje en oferta así como composición botánica y calidad de la dieta seleccionada por animales fistulados del esófago. También se evaluó la selectividad por ovinos y bovinos en asociaciones de A. gayanus + C. macrocarpum; A. gayanus + C. acutifolium y B. dictyoneura + D. ovalifolium manejada con dos presiones de pastoreo. Se observó mayor preferencia por ovinos hacia las hojas de gramínea erecta (i.e. A. gayanus y hacia leguminosas sin factores de anticalidad (i.e. Centrosema spp., lo cual afectó su persistencia en la pradera. Los ovinos seleccionaron dietas con mayor contenido de proteínas cruda; pero, los valores de FND y DIVMS no fueron diferentes a lo seleccionado por bovinos. Sin embargo, la DIVMS de la dieta de ovinos fue mayor que la DIVMS de las hojas en oferta, lo cual no se observó con bovinos.A study was conducted in order to evaluate the possibility of using sheep to replace cattle in the evaluation of new pasture germplasm. The associations of A. gayanus + C. acutifolium and B. dictyoneura + D. ovalifolium were grazed with two intensities of management using an un replicated split plot design. The associations of A. gayanus + C. macrocarpum, A. gayanus + C. acutifolium and B. dictyoneura+ D. ovalifolium were grazed to study differences in legume selectivity. Sheep exhibited a high degree of preference for leaves of the erect grass (e.g. A. gayanus and towards legumes with no antiquality factors (e.g. Centrosema spp.. The diet selected by sheep was associated with a greater content of crude protein, than the diet selected by cattle; however, the NDF and IVDMD values were similar in the diet selected by cattle and sheep. The IVDMD of the forage selected by sheep was higher than the

  2. Intake and apparent digestibility of rations containing different proportions of Coastcross (Cynodon dactylon (L. Pers. hay plus ground soybean grain and sheep eating behaviour/ Consumo e digestibilidade aparente de rações com diferentes proporções de feno de capim Coastcross (Cynodon dactylon (L. Pers. e soja crua moída e comportamento alimentar de ovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tiago Rodrigues Casimiro

    2006-07-01

    Full Text Available The aims of this experiment were to determine the average daily intake (ADI and the apparent digestibility coefficient (ADC of rations containing two levels of coastcross hay and ground soybean grain, as well as, to study the behavior of sheep fed on these rations. Ten wethers averaging 40.0 kg of live weight were allocated in feeding trial cages for this experiment. A completely randomized design with two treatments (T1= 80% coastcross hay + 20% soybean grain and T2= 60% coast cross hay + 40% soybean grain and five replicates, were used. The treatments were evaluated under two feeding systems (voluntary and restrict. There were two experimental periods of seven days with fifteen days of previous adaptation each. The animals were fed twice a day with rations containing half of the estimated daily intake. The behaviours studied were times spent eating, ruminating and resting in a five minutes interval observation during twelve hours. There were no significant differences (P>0.05 between treatments for nutrientsADI but for crude protein and ether extract (EE. The ADC for dry matter (DM, fiber (F and total carbohydrates (TC were significantly greater (PO objetivo deste trabalho foi determinar o consumo médio e a digestibilidade aparente dos nutrientes de rações contendo dois níveis de feno de capim coast-cross e soja crua moída, bem como estudar o comportamento de ovinos alimentados com essas rações. Foram utilizados dez ovinos machos, castrados, com peso vivo médio de 40,0 kg, em delineamento experimental inteiramente casualizado com dois tratamentos (T (T1= 80% de feno de coastcross picado + 20% de soja crua moída e T2= 60% de feno de coastcross picado + 40% de soja crua moída e cinco repetições. Os tratamentos foram avaliados em regimes de consumo voluntário e consumo restrito. O ensaio compreendeu um período de adaptação de 15 dias, seguido de dois períodos de coleta de sete dias cada. A ração foi fornecida em duas refei

  3. Intake, ruminal parameters and plasmatic urea concentration in beef cattle fed diets with different levels of sunflower cake in substitution to the cotton meal Consumo, parâmetros ruminais e concentração de uréia plasmática em novilhos alimentados com diferentes níveis de torta de girassol em substituição ao farelo de algodão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rinaldo Masato Mori

    2010-12-01

    Full Text Available The objective of this study was to assess the effects of five substitution levels of cotton meal by sunflower cake in the concentrate ration, on dry matter intake (DMI, pH and ammonia nitrogen (N-NH3 in the rumen liquid and plasmatic urea in beef steers. The diets were isoprotein (13.0% CP and isoenergetic (72.0% TDN. In natura sugarcane silage was the only ronghage (40% DM. Five 1/2 Simental x Nelore, castrated males were used, with average weight of 380 kg and 24 months old, all fistulated in the rumen. The treatments were: 0% sunflower cake (TG0; 25% sunflower cake (TG25; 50% sunflower cake (TG50; 75% sunflower cake (TG75; and 100% sunflower cake (TG100, based on DM, substituting cotton meal (FA. The experiment was carried out in a 5x5 Latin square experimental design, with five animals and five periods. Each experimental period lasted 15 days. The dry matter intake (DMI presented significant difference (P 0.05 alter the pH and N-NH3 values of the rumen liquid and plasmatic urea values. It was concluded that sunflower cake can be used in substitution to the cotton meal when mean daily gains are expected, since in high levels of substitution it caused a decrease in DMI. O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos da torta de girassol (TG, em cinco níveis de substituição ao farelo de algodão, sobre o consumo de matéria seca (CMS, pH e concentração de nitrogênio amoniacal (N-NH3 no líquido ruminal e de uréia plasmática em novilhos de corte. As rações foram isoprotéicas (13,0% PB e isoenergéticas (72,0% NDT. A silagem de cana-de-açúcar in natura, como volumoso, foi utilizada na proporção de 40% da MS fornecida. Foram utilizados cinco animais fistulados no rúmen, machos, castrados, ½ sangue Simental x Nelore, pesando em média 380 kg e 24 meses. Os tratamentos foram: 0% (TG0; 25% (TG25; 50% (TG50; 75% (TG75 e 100% (TG100 de torta de girassol (base na MS em substituição ao farelo de algodão. O experimento foi conduzido

  4. Intoxicação de bovinos por Tetrapterys multiglandulosa (Malpighiaceae em Mato Grosso do Sul

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carvalho Nilton M.

    2006-01-01

    Full Text Available São descritos dois surtos da intoxicação espontânea por Tetrapterys multiglandulosa em bovinos e a reprodução experimental da toxicose em ovinos. Os dois surtos espontâneos ocorreram na mesma fazenda localizada no município de Bataiporã, Mato Grosso do Sul. O primeiro surto ocorreu em julho-outubro de 2004 e envolveu uma população bovina sob risco de 290 vacas prenhes que haviam sido introduzidas em um pasto de 60 hectares onde havia uma área de reserva legal, altamente infestada por T. multiglandulosa. Dessas, 230 vacas (79,3% abortaram, pariram natimortos ou bezerros fracos que morreram alguns dias após o nascimento. Sete vacas adultas morreram. Uma vaca e um bezerro de 10 dias foram necropsiados. O segundo surto ocorreu em setembro-outubro de 2005, 40 dias após 285 novilhas de dois anos de idade terem sido introduzidas no mesmo pasto infestado por T. multiglandulosa onde ocorrera o primeiro surto no ano anterior. Nove novilhas adoeceram e morreram; três foram necropsiadas. Os sinais clínicos dos bovinos afetados, incluindo um bezerro de 10 dias de idade, consistiam de acentuada letargia, emagrecimento com distensão do abdômen (ascite, edema subcutâneo de declive, ingurgitamento e pulso venoso da jugular, dispnéia e arritmia cardíaca. Os achados de necropsia incluíam corações globosos e com câmaras cardíacas dilatadas, áreas brancas e firmes no miocárdio e alterações relacionadas a insuficiência cardíaca como edemas cavitários, fígado de noz-moscada, edema pulmonar e grande coágulo no ventrículo esquerdo. As alterações histopatológicas incluíam necrose e fibrose do miocárdio, congestão centrolobular passiva crônica do fígado, edema pulmonar e degeneração esponjosa da substância branca do encéfalo. Os ovinos do experimento morreram 29 (Ovino 1 e 35 (Ovino 2 dias após terem recebido as folhas de T. multiglandulosa nas doses médias diárias de 14 g/kg (Ovino 1 e 7,5 g/kg (Ovino 2. O aparecimento

  5. Patogênese, sinais clínicos e patologia das doenças causadas por plantas hepatotóxicas em ruminantes e eqüinos no Brasil Pathogenesis, clinical signs and pathology of diseases caused by hepatotoxic plants in ruminants and horses in Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Julio Cesar A. Santos

    2008-01-01

    Full Text Available Plantas que causam lesões hepáticas em ruminantes e eqüinos constituem um grupo importante de plantas tóxicas no Brasil. Em geral essas plantas podem ser divididas em três grandes grupos: plantas que causam necrose hepática aguda; plantas que causam fibrose hepática; e plantas que causam fotossensibilização. Em algumas dessas plantas os princípios tóxicos já foram identificados. Das plantas que causam necrose hepática aguda, os carboxiatractilosídeos estão presentes em Cestrum parqui e Xanthium cavanillesi. Os alcalóides pirrolizidínicos estão presentes nas plantas que causam fibrose hepática (Senecio spp., Echium plantagineum, Heliotropum spp. e Crotalaria spp.. Das plantas que causam fotossensibilização hepatógena são conhecidos os furanossesquiterpenos em Myoporum spp., triterpenos em Lantana spp., e saponinas esteroidais em Brachiaria spp. e Panicum spp. O quadro clínicopatológico dessas intoxicações e o mecanismo geral da insuficiência hepática, incluindo meios de diagnóstico, são descritos neste artigo de revisão.Plants causing hepatic lesions in ruminants and horses constitute one important group of poisonous plants in Brazil. These plants can be placed in three major groups: plants causing acute liver necrosis; plants causing liver fibrosis; and plants causing hepatogenous photosensitization. For some of these plants the toxic principles are known. Cestrum parqui and Xanthium cavanillesi that cause acute liver necrosis contain carboxy-atractylosides. Senecio spp., Crotalaria spp., and Echium plantagineum that cause liver fibrosis contain pyrrolizidine alkaloids. As for the group of plants causing hepatogenous photosensibilization, Myoporum spp. contain furanosesquiterpenes, Lantana spp contain triterpenes, and Brachiaria spp. and Panicum spp. contain steroidal saponins. The clinical and pathologic features of the toxicosis caused by these phytotoxins, general mechanisms of production for the production of

  6. Perímetro escrotal e idade à puberdade em ovinos Merino Australiano submetidos a diferentes regimes alimentares - DOI: 10.4025/actascianimsci.v27i4.1179 Scrotal perimeter and age of puberty in Australian Merino Sheep, submitted to different alimentary strategies - DOI: 10.4025/actascianimsci.v27i4.1179

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo Franco Martins

    2005-03-01

    Full Text Available Testou-se a hipótese de que animais bem alimentados durante a vida fetal e durante o período pós-parto apresentariam melhor desempenho reprodutivo que aqueles com alimentação restrita durante a vida fetal e/ou no pós-parto, sendo animais com menor idade à puberdade. Utilizaram-se 120 ovelhas Merino Australiano prenhes com 60 dias de gestação, distribuídas em fatorial 2x2, com quatro níveis nutricionais, tendo metade de seus grupos invertidos. Os animais foram pesados no nascimento, e as ovelhas que pariram fêmeas foram eliminadas e os machos identificados por brincos de cores diferentes (laranja, roxo, preto e verde e distribuídos entre os tratamentos. O escore corporal manteve as mesmas relações observadas para o peso corporal entre os grupos. Os animais de brinco preto apresentaram menor perímetro escrotal aos 132 dias, com maior crescimento escrotal, decorrente da melhora nutricional desses animais em determinados períodos. Como condição de escore corporal, o perímetro escrotal manteve a mesma relação entre os grupos, como observado para o peso corporal, com o grupo laranja com maior perímetro, seguido pelo grupo roxo, pelo verde e pelo preto. Apenas 62,5% dos animais manifestaram puberdade até o final do experimento. Os animais atingiram a puberdade com escore, com perímetro e com idade semelhantes, entretanto tiveram pesos diferentesThe hypothesis that animals well fed during the fetal life and in the post parturition would present better reproductive performance than those with restricted feeding, during the fetal life and/or in the post parturition was experimented pointing out that younger animals reach puberty first. One hundred and twenty pregnant Australian Merino sheep were used on the 60th day of gestation, distributed in a 2x2 factorial, with four nutritional levels, half of groups being were inverted. Birth weights were recorded. The females were eliminated and the males were identified by using earrings

  7. Parâmetros anátomo-estruturais de orgãos reprodutivos de ovinos sem raça definida (SRD nativos do Estado da Paraíba, com e sem bipartição escrotal: estudo do escroto e funículo espermático

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mikael L.D.L. Tolentino

    2014-07-01

    Full Text Available Foram utilizados 42 ovinos sem raça definida, divididos segundo a configuração escrotal. Destes animais, 12 foram utilizados na investigação da biometria testicular e histologia da pele escrotal. Os demais foram destinados ao estudo do funículo espermático. Os animais foram agrupados em um grupo de 21 animais sem bipartição escrotal (GEI e 21 com bipartição escrotal, (GEII, esta não atingindo 50% do comprimento do eixo longitudinal do escroto. Em cada grupo, em 6 animais foram coletados fragmentos da pele do escroto e em 5 do funículo espermáticos, e processados em rotina histológica e analisados em microscopia de luz; e em 10 foram injetados látex na artéria testicular para obtenção de moldes vasculares e obtenção do comprimento da artéria. Quando comparados os grupos GEI e GEII, não foram encontradas diferenças estatísticas significativas (p<0,05 entre a espessura do escroto (epiderme e derme, constituição histológica da pele escrotal, número de glândulas sudoríparas por área, comprimento do funículo espermático ou parâmetros biométricos testiculares. Entretanto, o comprimento total das artérias testiculares do GEI foi maior do que o GEII (p<0,05. Concluiu-se, com base nos parâmetros morfológicos analisados, que a bipartição escrotal em ovinos não influenciou na estrutura da pele, funículo ou biometria testicular quando comparado aos animais que não apresentavam esta característica. Outros estudos merecem atenção para desmistificar o porquê do aparecimento dessa característica em ovinos e se esta característica é ou não desejável para melhoria na produção desses animais em regiões de clima quente.

  8. Degradabilidade ruminal do feno de alguns alimentos volumosos para ruminantes Ruminal degradability of some roughage hays for ruminants feeding

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    G.G.P. Carvalho

    2006-08-01

    Full Text Available Avaliou-se a degradabilidade ruminal da matéria seca (MS, proteína bruta (PB, fibra em detergente neutro (FDN, da fibra em detergente ácido (FDA e hemicelulose dos fenos de capim-elefante (Pennisetum purpureum, palma (Opuntia ficus, guandu (Cajanus cajan e parte aérea da mandioca (Manihot esculenta utilizando três bovinos mestiços machos, castrados, canulados no rúmen e mantidos em regime de pasto. Amostras de 4g de cada alimento foram incubadas em duplicata no rúmen dos animais, nos períodos de 0, 6, 12, 24, 36, 48 e 72 horas. A degradabilidade potencial da PB dos fenos de capim-elefante e guandu foi semelhante, 83,9 e 81,2%, respectivamente. Os maiores valores foram observados para os fenos de palma (94,2% e parte aérea da mandioca (91,7%. A degradabilidade efetiva (DE foi obtida considerando as taxas de passagem de 2, 5 e 8%/hora. A maior DE observada para MS (60,5%, PB (81,1%, FDN (21,6%, FDA (27,9% e HEM (58,0%, na taxa de passagem de 5%/h, ocorreu com o feno de palma.The ruminal degradability of dry matter (DM, crude protein (CP, neutral detergent fiber (NDF, acid detergent fiber (ADF and hemicellulose (HEM of elephantgrass (Pennisetum purpureum, forage cactus (Opuntia ficus, pigeon pea (Cajanus cajan and cassava foliage (Manihot esculenta hays was evaluated using three cannulated crossbred steers, kept on pasture. Samples of four grams of each hay were incubated in the rumen for 0, 6, 12, 24, 36, 48 and 72 hours. The CP potential degradability (PD for elephantgrass and pigeon pea hays was similar, 83.9 and 81.2%, respectively. Higher values were observed either for forage cactus (94.2% or cassava foliage (91.7% hays. The effective degradability (ED was obtained considering the passage rates of 2, 5 and 8%/hour. The forage cactus hay, at a passage rate of 5%/h, showed the highest ED for DM (60.5%, CP (81.1%, NDF (21.6%, ADF (27.9% and HEM (58.0%.

  9. Aspectos clínicos, parasitológicos e produtivos de ovinos mantidos em pastagem de capim-aruana irrigado e adubado com diferentes doses de nitrogênio = Clinical, parasitological and productive evaluation of lambs under pasture of Aruana grass irrigated and fertilized with different doses of nitrogen

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Maia Nogueira

    2011-04-01

    Full Text Available Esse trabalho objetivou avaliar os aspectos clínicos, parasitológicos e produtivos de cordeiros mestiços mantidos em pastejo rotativo de Panicum maximum cv. Aruana adubado com quatro doses de nitrogênio (75, 275, 475 e 675 kg ha-1 ano-1. Foram utilizados 18 cordeiros portratamento, perfazendo um total de 72 animais. Foram avaliados os seguintes parâmetros: ganho médio diário (GMD, ganho de peso total (GPT, taxa de lotação (TxL, produção total de carne, contagem do número de ovos por grama de fezes (OPG e coprocultura. A vermifugação dos animais foi realizada de acordo com a coloração da mucosa ocular comparada por meio do cartão Famacha©. Foi verificado que tanto o GMD quanto o GPT foram maiores (p This work aimed to evaluate clinical, parasitological and productive parameters of crossbred lambs under a rotational grazing system of Panicum maximum cv. Aruana grass fertilized with four doses of nitrogen (75, 275, 475 and 675 kg ha-1 year-1. Eighteen lambs were used per treatment, totaling 72 animals. The following parameters were evaluated: daily weight gain (DWG, total weight gain (TWG, stocking rate (SR, meat production, number of fecal eggs per gram (EPG and coproculture. Deworming was accomplished according to conjunctiva color compared using the Famacha© card. DWG and TWG were greater (p < 0.05 in the animals under pasture fertilized with 75 kg ha-1 year-1. However, SR and EPG were greater (p < 0.05 in the animals kept in pastures with 675 kg ha-1 year-1. There were no significant differences among nitrogen levels for the different colors of ocular mucosa or the number of animals dewormed. A prevalence of 80.0 to 93.0% of Trichostrongylus sp. was found. The deworming based on the evaluation of conjunctiva color did not reduce EPG into desirable levels for any of fertilized doses of nitrogen. The nitrogen dose of 475 kg ha-1 year-1 in Aruana grass allowed greater productive performance per hectare.

  10. Influência da diferença cátion-aniônica da dieta sobre o balanço de cálcio, fósforo e magnésio em ovinos Influence of the dietary cation-anion difference on calcium, phosphorus and magnesium balance in sheep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C.A. Gomide

    2004-06-01

    Full Text Available O efeito do balanço cátion-aniônico da dieta (BCAD no balanço macromineral (cálcio, fósforo e magnésio, no pH urinário e fecal, na concentração sérica de cálcio, fósforo e magnésio foi estudado utilizando-se 16 carneiros machos, da raça Santa Inês, por um período de 26 dias, sendo sete de adaptação. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso, com quatro tratamentos. Para a manipulação do BCAD foram adicionados cloreto de cálcio e bicarbonato de sódio, obtendo-se os seguintes tratamentos: -12; +30; +76 e +133mEq/kg MS da ração. Não foram encontradas diferenças (P>0,10 no pH fecal, pH urinário, balanço de fósforo e magnésio. Com o aumento do BCAD houve decréscimo da absorção e retenção de cálcio, e aumento da excreção fecal. A manipulação do BCAD interferiu no metabolismo de macrominerais, principalmente no de cálcio.The dietary cation-anion balance (DCAB effect on the macromineral (calcium, phosphorus and magnesium balance, urinary and faecal pH, serum concentration of calcium, phosphorus and magnesium was studied in 16 Santa Inês adult sheep, during 26 days, being a seven-day-period of adaptation. The experiment consisted in a completely randomized block design with four treatments. Calcium chloride and sodium bicarbonate were added to DCAB manipulations to achieve the values: -12; + 30; +76 and +133mEq/kg DM. There was no effect of DCAB (P>0.10 on fecal and urinary pH, and on phosphorus and magnesium balance. The increase in the DCAB corresponded to a decrease in calcium absorption and calcium retention, and an increase in calcium fecal excretion values. The manipulation of the DCAB affected the macromineral metabolism, mainly the calcium metabolism.

  11. Urea recycling in ruminants

    International Nuclear Information System (INIS)

    Ohara, Yoshiaki; Niibayashi, Tsunekazu

    1980-01-01

    The transfer of blood urea into the alimentary tract of goats, as ruminants, was studied by the use of 15 N-urea, 15 N-ammonium chloride and physiological experimental techniques. Blood urea after an intravenous injection of 15 N-urea appeared in the first rumen via two routes, the saliva (approximately 60% of the serum urea concentration) and idrect diffusion from the wall of the first rumen, both as the ammonium-form N. The serum urea levels from diets containing different protein levels were paralleled with the protein levels, the ammonium level in the first rumen being similar to that of the serum urea. The transfer of low protein into the NH 3 pool of the first rumen was 56% of the total NH 3 in the entire alimentary tract, and the quantitative ratio of salivary secretion of diffusion in the first rumen was 1:9. The transfer of high protein was 14% in the entire alimentary tract, and the ratio of saliva to diffusion in the first rumen was 6:1. Thus, when protein uptake was large, salivary secretion was the primary route to the first rumen. Approximately 50% of the entire quantity of blood urea in the alimentary tract appeared in the first rumen, and 35%, in the lower alimentary tract, primarily in the duodenum and jejunum. (Chiba, N.)

  12. Caracterização físico-química e perfil lipídico de queijos produzidos com leite ovino

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Gustavo de Pellegrini

    2013-10-01

    Full Text Available Este trabalho teve por objetivo caracterizar os queijos Pecorino Toscano, Feta e Labneh produzidos com leite ovino quanto aos aspectos físico-químicos e perfil lipídico. Foram adquiridos e analisados queijos tipo Pecorino Toscano Fresco, com 90, 180 e 270 dias de maturação, Feta e Labneh elaborados com leite de ovelha, comercializados no estado do Rio Grande do Sul, Brasil. As análises realizadas foram: pH, acidez titulável, proteína, gordura, umidade, cinzas e perfil de ácidos graxos. O maior pH ocorreu nos queijos tipo Pecorino Toscano com 180 dias de maturação e Feta. Em relação à acidez titulável estes apresentaram comportamento contrário ao do pH. Os valores de proteína oscilaram entre 15,98 e 28,29% m/m, sendo os maiores valores para os queijos com maior tempo de maturação. A gordura apresentou variação idêntica à proteína, onde os queijos tipo Pecorino Toscano com 180 e 270 dias de maturação apresentaram maior valor. Os valores de umidade apresentaram-se inversos ao tempo de maturação, sendo que os queijos com 270, 180 e 90 dias de maturação apresentaram valores de 25,14, 25,95 e 30,26% m/m respectivamente. As cinzas também se demonstraram maiores para os queijos maturados. Em relação ao perfil lipídico, foram identificados 23 ácidos graxos, ocorrendo diferença significativa na maioria dos resultados, inclusive no somatório dos ácidos graxos saturados, monoinsaturados, poliinsaturados e na relação entre insaturados e saturados. Portanto, devido à escassez de informações sobre a composição de queijos produzidos com leite ovino, outras pesquisas devem ser realizadas para caracterizar de forma consistente estes produtos.

  13. Comportamento ingestivo de cordeiros alimentados com dietas contendo diferentes níveis de fibra em detergente neutro Ingestive behavior of lambs fed with a diet of different levels of fiber in neutrol detergent

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriano Ramos Cardoso

    2006-04-01

    Full Text Available Avaliou-se o efeito de diferentes níveis de fibra em detergente neutro (FDN, na dieta sobre o comportamento ingestivo de cordeiros Ile de France x Texel. Foram utilizados 20 cordeiros distribuídos em um delineamento experimental inteiramente casualizado, em um total de quatro tratamentos com cinco repetições, e alimentados à vontade com dietas que continham 25%, 31%, 37% e 43% de FDN. Foi utilizada uma ração em mistura completa de silagem de sorgo (AG 2005E e mistura concentrada constituída por farelo de soja, grão de milho quebrado e mistura mineral. As dietas eram isoprotéicas contendo 17% de PB. As dietas foram fornecidas duas vezes ao dia, às 8:00 e às 16:00 horas. O comportamento ingestivo foi determinado mediante observação visual, ocorrido durante 24 horas, a intervalos de 5 minutos, para se determinar o tempo despendido em alimentação, ruminação e ócio. O aumento do teor de fibra na ração não influenciou significativamente (P>0,05 os tempos despendidos em alimentação, ruminação, ócio e tempo de mastigação total. Houve efeito linear crescente sobre as variáveis eficiência de alimentação e de ruminação de FDN (P>0,05. Os ovinos confinados possuem hábito de alimentação predominantemente diurno e de ruminação noturno.The effect of different neutral detergent fiber (NDF levels in the diet on the Ile de France x Texel lambs ingestive behavior was evaluated. Twenty lambs distributed in a fully randomized experimental design were used, in a total of four treatments and five repetitions, fed ad libitum with 25%, 31%, 37% and 43% NDF diets. A ration in a complete mixing in sorghum silage (AG 2005 E and concentrate mixing of soybean meal, fragmented corn grains and mineral mixing was used. The diets were isoproteic (17% crude protein and were given twice a day, at 8 AM and 4 PM. The ingestive behavior was determined by observation, during 24 hours with 5 minutes intervals, to determine the time spent in

  14. Ruminal acidosis: strategies for its control

    OpenAIRE

    Jaramillo-López, Esaúl; Itza-Ortiz, Mateo F.; Peraza-Mercado, Gwendolyne; Carrera-Chávez, José M.

    2017-01-01

    ABSTRACT: Ruminal acidosis in ruminants is a metabolic disorder of gastrointestinal origin that occurs in animals with a high feed intake of cereal grains diets, which affect the performance. According to clinical manifestations it can be classified as: a) acute lactic acidosis with prolonged exposure to ruminal pH ≤ 5.0, triggering a systemic acidosis, with clinical manifestations and changes in biochemical patterns, starting the first twelve hours of ruminal acidosis and it takes 48 to 120 ...

  15. Substituição do milho pela casca de café ou de soja em dietas para vacas leiteiras: comportamento ingestivo, concentração de nitrogênio uréico no plasma e no leite, balanço de compostos nitrogenados e produção de proteína microbiana Replacing corn with coffee hulls or soyhulls in diets of dairy cows: chewing activity, ruminal metabolism, nitrogen utilization and microbial protein synthesis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Soares de Oliveira

    2007-02-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar o efeito da substituição do milho pela casca de café ou pela casca de soja em dietas à base de cana-de-açúcar, com 60% de concentrado, sobre o comportamento ingestivo, o pH e a concentração de amônia no líquido ruminal, a excreção de uréia na urina (EU, a concentração de N-uréia no plasma (NUP e no leite (NUL, o balanço de compostos nitrogenados e a síntese de proteína microbiana em vacas leiteiras, em comparação a uma dieta com silagem de milho. Foram utilizadas 12 vacas holandesas, puras e mestiças, distribuídas em três quadrados latinos 4 x 4. A dieta controle foi composta de silagem de milho e 40% de concentrado (SiMi, com base na MS. Foram utilizadas três dietas contendo cana-de-açúcar e 60% de concentrado, de modo que os percentuais de substituição do milho foram 0% (CMi, 25% com casca de café (CCC ou 50% com casca de soja (CCS, com base na MS total da dieta. O tempo total de mastigação foi menor para a dieta SiMi e não foi afetado pela inclusão de casca de café ou casca de soja. O pH ruminal não diferiu nos tempos 0 e 3 horas após a alimentação matinal. A dieta CCC resultou, três horas após alimentação, em menor concentração de amônia ruminal em relação às demais, com exceção da dieta CMi. Não foram observadas diferenças na EU e NUL, sendo registrados valores médios de 179,31 mg/kg de PV e 12,59 mg/dL, respectivamente. A substituição do milho pela casca de café ou de soja não promove melhora no ambiente ruminal. A síntese de compostos nitrogenados microbianos e a eficiência microbiana ruminal não são influenciadas pelas dietas e apresentam valores médios de 273 g/dia e 130,08 gPBmic/kg de NDT, respectivamente.Twelve purebred and crossbred Holstein cows were assigned to three replicated 4 x 4 Latin squares to evaluate the effects of replacing corn grain with coffee hulls or soyhulls on chewing activity, ruminal metabolism, nitrogen utilization, and

  16. Consumo, digestibilidade e parâmetros ruminais em bovinos de corte alimentados com dietas contendo silagem de sorgo e pré-secado de capim-tifton 85 Intake, digestibility and ruminal parameters in beef cattle fed diets with sorghum silage and tifton 85 haylage

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Odilon Gomes Pereira

    2007-12-01

    Full Text Available Avaliaram-se o consumo e as digestibilidades total e parcial dos nutrientes, a eficiência microbiana, o balanço de nitrogênio, a taxa de passagem da digesta ruminal, o pH e a concentração de amônia ruminal em bovinos de corte alimentados com dietas contendo como fonte de volumoso pré-secado de capim-tifton 85 e silagem de sorgo nas seguintes proporções: 100:0; 68:32; 34:66 e 0:100, respectivamente, com base na MS. Foram utilizados quatro animais mestiços Holandês × Zebu (H × Z, fistulados no rúmen e abomaso, com peso médio de 364 kg, distribuídos em um quadrado latino 4 × 4. A relação volumoso:concentrado foi de 60:40, na base da MS. Os consumos de MS, MO, PB, carboidratos totais (CT, assim como as digestibilidades totais da PB, EE, CNF e FDN não foram influenciados pelas dietas, registrando-se valores médios de 6,01; 5,69; 0,76 e 4,64 kg/dia e 67,94; 82,42; 84,43 e 53,57%, respectivamente. Os consumos de EE, CNF, FDN e NDT e as digestibilidades aparentes totais da MS, MO e CT aumentaram linearmente com o incremento da proporção de silagem de sorgo no volumoso. As digestibilidades ruminais e intestinais de MS, CT, CNF e FDN não foram influenciadas pelas dietas. O pH não foi alterado pelos tempos de coleta nem pelas dietas. A concentração de amônia foi influenciada pelos tempos de coleta, estimando-se valor máximo de 13,14 mg/100 mL, às 2,90 horas após a alimentação. Para as dietas contendo 0; 32; 66 e 100% de silagem de sorgo no volumoso estimaram-se taxas de passagem da digesta ruminal da ordem de 4,10: 4,22; 4,27 e 5,30%/hora, respectivamente. A eficiência microbiana não foi afetada pelo nível de silagem de sorgo na dieta. O uso de silagem pré-secada de capim tifton 85 associada à silagem de sorgo mostrou-se uma boa alternativa de volumoso para bovinos de corte.The intake and the total and partial digestibility of nutrients, the microbial efficiency, the nitrogen balance, the passage rates of ruminal

  17. Nitrogen metabolism in the ruminant

    International Nuclear Information System (INIS)

    Buttery, P.J.; Lewis, D.

    1976-01-01

    Selected aspects of nitrogen metabolism in the ruminant are discussed. Particular attention is paid to the effect of rumen ammonia concentration on protein synthesis in the rumen. In order to judge the suitability of microbial protein as a source of protein for the ruminant, it is necessary to be able to assess the amino-acid requirements of the ruminant accurately. Several methods of doing this are discussed. Available data would indicate that under many conditions methionine is the first limiting amino acid. Possible ways of increasing the supply of methionine at the duodenum are discussed. When the amino-acid requirements are fully met, it is to be expected that protein synthesis in the tissues will proceed at its maximal rate. Ways of determining the extent of tissue protein synthesis in vivo are briefly discussed. (author)

  18. Sinais clínicos, distribuição das lesões no sistema nervoso e epidemiologia da raiva em herbívoros na região Nordeste do Brasil Clinical signs, distribution of the lesions in the central nervous system and epidemiology of rabies in northeastern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Everton Ferreira Lima

    2005-12-01

    Full Text Available Descrevem-se 24 surtos de raiva em bovinos (25 casos, 4 em eqüinos (5 casos, 2 em caprinos (2 casos e 2 em ovinos (4 casos. Todos os surtos ocorreram na Paraíba, exceto um em eqüinos que ocorreu no Rio Grande do Norte. Todos os surtos, com a exceção de um em ovinos, foram transmitidos provavelmente por morcegos hematófagos; no entanto, não se descarta a possibilidade de transmissão por raposas (Dusicyon vetulus. Os sinais clínicos foram representativos da localização das lesões no sistema nervoso central (SNC. Em bovinos os sinais eram, principalmente, da forma paralítica, causados por lesões da medula, tronco encefálico e cerebelo; mas alguns animais apresentaram depressão, excitação e outros sinais associados a lesões cerebrais. Três dos 5 eqüinos apresentaram sinais de lesões cerebrais e 2 apresentaram a forma paralítica. De 4 ovinos e 2 caprinos, 4 apresentaram a forma paralítica, mas em um caprino e um ovino os sinais foram predominantemente de lesões cerebrais. Todos os animais afetados, exceto um caprino, tiveram um curso clínico de 2-8 dias. As únicas lesões macros-cópicas observadas foram a dilatação da bexiga em 4 bovinos e a dilatação da ampola retal em 2. Dois cavalos apresentaram lesões da pele causadas por traumatismos. As lesões histológicas foram de encefalomielite e meningite difusa não supurativa. Nos eqüinos e em um caprino com evolução clínica de 35 dias as lesões foram mais severas, observando-se necrose neuronal, neuronofagia e presença de esferóides axonais. Corpúsculos de Negri foram observados em 87% (20/23 dos bovinos examinados e em 83% (5/6 dos ovinos e caprinos. Nessas 3 espécies os corpúsculos foram mais freqüentes no cerebelo, mas ocorreram também no tronco encefálico, medula e cérebro. Em cavalos, corpúsculos de Negri foram menos numerosos, sendo observados somente no córtex de um animal e no córtex e hipocampo em outro. No gânglio trigeminal, as les

  19. COMPARACIÓN DEL PERFIL LIPÍDICO POR SEXO Y EDAD EN OVINOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J. H. Osorio

    2015-01-01

    Full Text Available Se comparó el perfil lipídico y la correlación entre los componentes lipídicos del suero en cuatro grupos de ovinos. A tal fin, se tomaron muestras de sangre de 98 ovinos en ayuno, diferenciados por género y edad (23 machos y 25 hembras mayores de un año de edad; 22 machos y 28 hembras menores a un año. Se determinaron las concentraciones séricas de: triglicéridos, colesterol total (CT y colesterol de lipoproteínas de alta densidad (C-HDL mediante el método enzimático colorimétrico. El colesterol de lipoproteína de muy baja densidad (C-VLDL y de baja densidad (C-LDL se determinó usando la fórmula de Friedewald. Las medias para CT, triglicéridos, C-HDL, C-VLDL y C-LDL (mg/dL fueron de 86.19, 21.57, 39.32, 4.31 y 42.55, respectivamente. En el grupo de adultos existe diferencia significativa (P ≤0.05 en los niveles de: CT (P 0.90 para ambos, machos (P >0.405 para ambos, jóvenes (P >0.487 para ambos y adultos (P >0.179 para ambos no mostraron diferencias significativas (P -valor ≥0.05 con un nivel de confianza del 95.0%. En conclusión, debido a las diferencias estadísticamente significativas en las comparaciones del perfil lipídico entre grupos de ovinos, pueden ser considerados cuatro perfiles lipídicos: machos adultos, hembras adultas, machos jóvenes y hembras jóvenes.

  20. Fontes protéicas e energéticas com diferentes degradabilidades ruminais para vacas em lactação - DOI: 10.4025/actascianimsci.v29i2.238 Protein (raw or rosted soybeans and energy (coursely ground or steamflaked corn sources with varying ruminal degradabilities for lactating cows - DOI: 10.4025/actascianimsci.v29i2.238

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hugo Imaizumi

    2007-11-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a combinação de fontes de energia e proteína com diferentes degradabilidades ruminais. Foram utilizadas quatro vacas multíparas (23 kg leite dia-1 em Quadrado Latino 4 x 4 com arranjo fatorial 2 x 2: duas fontes de proteína (soja crua ou tostada e duas de energia (milho moído, grosso ou floculado. O tratamento com milho moído grosso e soja tostada resultou em maior consumo de matéria seca (p 0,05 o desempenho lactacional. A tostagem da soja e a floculação do milho diminuíram (p The objective of this trial was the evaluation of ruminal degradation synchrony of protein and energy sources. Four Holstein cows (23 kg day-1 were used in a 4 x 4 Latin Square design and 2 x 2 factorial arrangement: two protein (raw vs. roasted soybeans with two energy sources (coarsely ground vs. steam-flaked corn. Dry matter intake was higher for cows fed coarsely ground corn with roasted soybean (p 0.05. Rumen pH was not affected by treatments (p > 0.05. Both roasted soybeans and flaking of corn decreased rumen ammonia nitrogen (p < 0.01. Animal fed steamflaked corn tended showed higher total VFA molar concentrations (p = 0.10, but there were no treatments effect on ruminal pH. A higher (p = 0.06 ruminal starch digestibility was observed for raw soybean treatment.

  1. Rumination and Performance in Dynamic, Team Sport

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Michael eRoy

    2016-01-01

    Full Text Available People high in rumination are good at tasks that require persistence whereas people low in rumination are good at tasks that require flexibility. Here we examine real world implications of these differences in dynamic, team sport. In two studies, we found that professional male football (soccer players from Germany and female field hockey players on the US national team were lower in rumination than were non-athletes. Further, low levels of rumination were associated with a longer career at a higher level in football players. Results indicate that athletes in dynamic, team sport might benefit from the flexibility associated with being low in rumination.

  2. USO DE BLOQUES NUTRICIONALES COMO COMPLEMENTO PARA OVINOS EN EL TROPICO SECO DEL ALTIPLANO CENTRAL DE MEXICO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulina Vazquez-Mendoza

    2012-01-01

    Full Text Available El objetivo del estudio fue evaluar el comportamiento productivo de ovinos complementados con bloques nutricionales en confinamiento y pastoreo. Se llevaron a cabo dos experimentos, el Experimento 1 se realizó con ovinos en confinamiento, el Experimento 2 se realizó con ovinos en pastoreo continuo en pastizales nativos. Para ambos experimentos 1 y 2 se utilizaron quince ovinos F1 (Dorper x Pelibuey, con un peso inicial de 17±3 y 26 ± 3 kg respectivamente. Los tratamientos en el experimento 1 fueron: T1= dieta basal + BN1 (conteniendo L. Leucocephala T2= dieta basal + BN2 (conteniendo salvado de trigo y T3= Dieta basal (Testigo. Los tratamientos en el Experimento 2 fueron: T1= Pastoreo + BN1, T2= Pastoreo + BN2 y T3= Pastoreo (control. Las variables respuestas en ambos experimentos fueron: ganancia diaria de peso (GDP, consumo de bloque nutricional (CBN, consumo de dieta basal (CDB consumo total (CT, digestibilidad aparente de la materia seca de bloques nutricionales (DAMSBN, digestibilidad aparente de la materia seca de la dieta basal (DAMSDB. En ambos experimentos los datos se analizaron mediante un diseño completamente al azar. En el Experimento 1 se encontraron diferencias en la GDP (P

  3. Chlamydophila abortus em animais de produção Chlamydophila abortus in production animals

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francielle Gibson da Silva

    2006-02-01

    Full Text Available A Chlamydophila abortus (anteriormente classificada como Chlamydia psittaci sorotipo 1 tem sido descrita em muitos países, associada principalmente com distúrbios reprodutivos em ovinos, bovinos e caprinos. O aborto enzoótico dos ovinos e caprinos e o aborto epizoótico dos bovinos são as doenças mais importantes causadas por esta bactéria. No Brasil, as pesquisas com C. abortus são praticamente inexistentes. O objetivo desta revisão é apresentar informações sobre modificações taxonômicas, ciclo de vida, epidemiologia, patogenia, sinais clínicos e diagnóstico da infecção por C. abortus principalmente em ovinos, bovinos e caprinos.Chlamydophila abortus (previously known as Chlamydia psittaci serovar 1 has been reported in many countries, associated with reproductive disorders in sheep, cattle, and goats. The enzootic abortion of sheep and goats and the epizootic bovine abortion are the most important diseases produced by this bacterium. In Brazil, there is scarce information about C. abortus. The objective of this review is to show information about taxonomic changes, life cycle, epidemiology, pathogenesis, clinical signs and diagnosis of C. abortus in sheep, cattle and goats.

  4. Utilização do choque osmótico na avaliação da viabilidade de sêmen criopreservado de ovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gabriel Felipe Oliveira de Menezes

    2013-10-01

    Full Text Available O presente trabalho analisou o emprego do choque osmótico (HOST com o uso da água deionizada (0 mOsmol, como método de avaliação do sêmen ovino descongelado e correlacionou os resultado obtidos com aqueles encontrados em diferentes técnicas de avaliação de sêmen. Para tanto, vinte amostras de sêmen criopreservado (20 reprodutores, foram avaliadas quanto aos parâmetros de cinética espermática pelo sistema computadorizado (IVOS 12, Hamilton Thorne Biosciences, Beverly, MA, EUA e análise subjetiva. A análise da viabilidade das membranas espermáticas foi efetuada com a associação de sondas fluorescentes (PI, JC-1 e FITC-PSA. A integridade estrutural da membrana plasmática foi estudada com o teste supravital com eosina (EOS e, por fim, a integridade funcional da membrana foi avaliada pelo choque osmótico, com a utilização da água deionizada nas seguintes proporções: uma parte de sêmen para 10 (HOST 10, 50 (HOST 50 e para 100 (HOST 100 partes de água. Após a diluição do sêmen, nas diferentes proporções, as amostras foram analisadas quanto ao percentual de espermatozoides reativos ao HOST. Os valores de positividade obtidos para o HOST 10 (33,1%, HOST 50 (32,8% e HOST 100 (31,8% não diferiram significativamente. O HOST 10 apresentou importante correlação positiva com a integridade da membrana plasmática pela EOS (r = 0,8; p < 0,05. Os HOST 50 e 100 demonstraram correlações positivas com subpopulações espermáticas com membrana plasmática íntegra pela fluorescência (r = 0,83 e r = 0,85; p < 0,01. Os resultados obtidos revelaram que o HOST com água deionizada pode fornecer informações complementares para a avaliação da viabilidade do sêmen ovino pós-descongelação.

  5. Qualidade de carnes provenientes de cortes da carcaça de cordeiros e de ovinos adultos Quality of meats from cuts of lamb and adult sheep carcasses

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael Silvio Bonilha Pinheiro

    2009-09-01

    Full Text Available Com o objetivo de estudar as características qualitativas da carne de ovinos de diferentes categorias quanto aos músculos dos cortes da carcaça (paleta, lombo e perna, utilizaram-se 18 ovinos ½ Ile de France ½ Ideal (seis cordeiros não-castrados, seis ovelhas de descarte e seis machos adultos castrados. Os animais foram criados em pasto de capim-tifton 85 e receberam suplementação (concentrado. Os cordeiros foram abatidos aos 32 kg, com aproximadamente 5 meses de idade, e as ovelhas e os machos adultos castrados, com 55 kg e aos 60 meses de idade. Não houve diferenças nos valores de pH 45 minutos e pH 24 horas entre as categorias animais e nos músculos dos cortes da carcaça. A idade de abate influenciou a luminosidade da carne de todos os músculos. O teor de vermelho não diferiu entre os animais adultos, mas foi superior aos valores obtidos na carne dos cordeiros. A carne de animais adultos é mais escura que a de cordeiros. As perdas por cocção no músculo Triceps brachii são maiores que no Longissimus lumborum e Semimembranosus. Os valores de pH e a capacidade de retenção de água são similares entre as categorias animais.Eighteen ½ Ile de France ½ Polwarth sheep (6 no castrated lambs, 6 discarded ewes and 6 discarded wethers were used to evaluate qualitative traits of meat from different categories of sheep for muscle cuts (shoulder, loin and leg. The animals were raised in grazing system with tifton-85 pastures and supplemented with concentrate. Lambs were slaughtered at 32 kg body weight, close to 5 months of age. Ewes and wethers were slaughtered with 55 kg and 60 months of age. There were no differences in pH45mim and pH24h values among different animal categories and muscles of carcass cuts. There was difference in meat luminosity between lambs and adult animals, considering all the evaluated muscles. The red level did not differ between adult categories, but it was higher than values observed in lambs. In

  6. Mastite subclínica por Staphylococcus coagulase negativa em ovinos de corte

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    T.S. Tejada

    2012-08-01

    Full Text Available Microorganisms that cause mastitis were isolated in a herd of sheep and their sensitivity to antimicrobials was tested. Twenty-one sheep had their mammary glands monitored during lactation. Eighty-eight milk sample from CMT-positive sheep were analyzed in order to isolate the etiologic agent of mastitis. Coagulase negative Staphylococcus were isolated from 29.5% of samples. Ampicillin and penicillin were the antimicrobials with higher number of resistant strains. The importance of coagulase negative staphylococci has been demonstrated, especially S. lentus and S. sciuri as a cause of ovine mastitis.

  7. Indicadores do ambiente ruminal e suas relações com a composição do leite e células somáticas em diferentes períodos da primeira fase da lactação em vacas de alta produção Indicators of rumen environment and their relation with milk composition and somatic cells in the first phase of lactation in high-yielding dairy cows

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rómulo Campos

    2006-04-01

    Full Text Available No atual sistema internacional de pagamento do leite por qualidade, têm-se valorizado dois aspectos fundamentais: a contagem de células somáticas (CCS e o conteúdo de sólidos totais. O primeiro fator depende da saúde da glândula mamária e o segundo, de maior importância econômica para os laticínios, está relacionado com o manejo alimentar e a raça dos animais. O ambiente ruminal pode modificar a composição do leite, em especial o teor de gordura. A fonte principal de proteína nos ruminantes depende da síntese de proteína no rúmen. Os atuais sistemas de alimentação, usados em vacas de alta produção, predispõem os animais à apresentação de síndromes metabólicas o que direta ou indiretamente afeta a produção de leite. Objetivou-se, com o presente trabalho, relacionar indicadores do ambiente ruminal (tempo de redução com azul de metileno e pH e o pH da urina com a composição do leite (sólidos totais e a CCS. Não foi encontrada associação estatística entre os parâmetros avaliados. Os valores médios dos sólidos não-gordurosos analisados no estudo foram inferiores ao limite estabelecido pela norma oficial do Brasil.In the current international milk payment system, where the quality is the main factor; two fundamental aspects have acquired great importance: the somatic cells count and the amount of total solids. The first one depends on the health of the mammary gland and the second factor, which has more economic impact for the dairy industry, is directly related to feeding management and the cattle breed. The environment of the rumen can modify the composition of the milk, specially the fat percentage. The main source of protein in the ruminants depends on the synthesis of protein in the rumen. The current feeding systems used in high-yielding dairy cows, predispose them to the outcome of metabolic syndromes that directly or indirectly affect the milk production. The purpose of this study was to establish a

  8. Caracterização dos sistemas de produção de ovinos e caprinos no Estado da Paraíba, Semiárido do Nordeste, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo de Figueiredo Guilherme

    2017-08-01

    Full Text Available A criação de caprinos e ovinos é uma atividade de grande importância para o Nordeste, contribuindo para o desenvolvimento econômico e social da região. Diante disso, objetivou-se caracterizar a caprinovinocultura na região Centro-Oeste do Estado da Paraíba, Nordeste do Brasil. A pesquisa abrangeu as mesorregiões da Borborema e Sertão do Estado, representadas por 127 municípios e uma área de 38.293 km2, que apresentam uma densidade de caprinos e ovinos de 12,9 e 8,27 cabeças/km2, respectivamente. No total foram visitadas 62 propriedades pertencentes a cinco municípios da Mesorregião da Borborema e quatro da Mesorregião do Sertão. Nas propriedades foram aplicados questionários epidemiológicos, os quais buscavam informações sobre aspectos econômicos, produtivos e sociais dos proprietários/propriedades. Os resultados obtidos permitem classificar o sistema de produção de caprinos e ovinos no semiárido paraibano como familiar e de subsistência, para consumo doméstico e comércio local, com baixo uso de tecnologia e rebanhos com até 100 animais. O nível de escolaridade dos criadores foi considerado baixo, bem como os investimentos e assistência técnica insuficientes e/ou inadequados para o desenvolvimento da atividade na região. Dessa forma, um estudo econômico nas propriedades para conhecimento da real situação econômico-financeira da atividade e o retorno que as mesmas poderão proporcionar a partir da sua organização se torna necessário. Sugere-se que tais aspectos sejam levados em consideração quanto ao planejamento de políticas de desenvolvimento pecuário, especialmente quando relacionados a financiamento e assistência técnica, bem como na implementação de ações no controle das doenças mais frequentes na região, direcionadas ao combate aos agentes, controle ambiental e proteção dos susceptíveis.

  9. Intoxicação crônica por cobre em ovelhas pastoreadas em pomar de videiras adubado com cama aviária

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Alberto Oliveira Ribeiro

    2007-06-01

    Full Text Available No presente trabalho é relatado caso de intoxicação crônica por cobre (ICC ocorridos em rebanho ovino pastoreados em pomar de videiras, na serra Gaúcha; suplementados com bagaço de uva e concentrado. O pomar era aspergido anualmente com solução de sulfato de cobre a 2% e teve seu solo adubado com cama aviária. Os ovinos mostraram andar cambaleante, icterícia intensa das mucosas e urina escura, dos quais foram a óbito oito animais, correspondendo a 57% do total do rebanho. Os sinais clínicos e lesões histológicas foram características da ICC. A dosagem de Aspartato Aminotrasferase (AST no soro dos seis ovinos remanescentes variou de 48,8 a 403,3 UI/L. O nível de cobre encontrado na cama aviária, bagaço de uva, pastagem e concentrado foram de 637, 158, 86 e 18 mg/kg respectivamente. Conclui-se que os óbitos ocorreram devido ao alto nível de cobre encontrado na pastagem, bagaço de uva e concentrado administrado aos animais. Sugere-se também, o risco de dano ambiental no uso de cama aviária na adubação de pastagem, assim como a inadequação da alimentação de ovinos com bagaço de uva.

  10. Avaliação de diferentes fontes e teores de proteína na dieta sobre o desempenho, fermentação ruminal e parâmetros sangüíneos de vacas da raça Holandesa em final de lactação Evaluation of different protein sources and content on rumen fermentation and blood parameters performance of holstein cows’ lactation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Éberson Castilho Barnabé

    2002-04-01

    Full Text Available Foram utilizadas 4 vacas da raça Holandesa em um delineamento em Quadrado Latino 4x4, com o objetivo de avaliar dietas com diferentes teores protéicos provenientes de farelo de soja (FS ou uréia (U, sobre o desempenho lactacional, parâmetros ruminais e sangüíneos. Os tratamentos utilizados foram: (A FS, com 10,05% de PB na dieta; (B U, com 10,05% de PB na dieta; (C FS+U, com 13,70% de PB na dieta; e (D FS, com 13,70% de PB na dieta. O consumo e eficiência alimentar, produção de leite, teores e produções de proteína e sólidos totais não foram afetados (P > 0,05 pelos tratamentos. A utilização de uréia como fonte exclusiva de proteína aumentou (P 0,05. O aumento no teor de proteína bruta resultou em aumento (P Four lactating Holstein cows were used in a 4x4 Latin Square design to evaluate the effects of levels (10.5% vs. 13.7% and sources (soybean meal - SBM vs. urea - U of protein on lactation performance, rumen fermentation and blood parameters. The treatments were: (A 10.05% CP diet - SBM; (B 10.05% CP diet - U; (C 13.70% CP diet - SBM+U; (D 13.70% CP diet - SBM. Dry matter intake, feed efficiency, milk production, milk protein content and yield were not affected (p > 0.05 by treatments. Milk fat content increased (p < 0.05 with 10.05% CP - U diet (treatment B. The increase of dietary crude protein content increased (p < 0.05 ruminal ammonia N, PUN, total VFA and decreased (p < 0.05 ruminal acetate.

  11. Review on Ruminant Nutrition Research

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Budi Haryanto

    2012-12-01

    Full Text Available Research works in ruminant nutrition have been widely published, especially those related to the energy and protein utilization. The energy and protein requirements for maintenance and production in tropical regions may be different from those in the subtropical areas. Responses of different species of ruminants to energy and protein supplements were also observed. The synchronization of energy and protein availability has been considered as an important strategy in affecting the microbial fermentative process in the rumen and in affecting the animal performance. The inclusion of long-chained unsaturated fatty acids in the diets has been successfully affecting milk production with higher concentration of unsaturated fatty acids. Feedstuffs characteristics in terms of their degradability and fermentation by rumen microbial enzymes have been intensively studied; however, further experimentations are still needed to elucidate the specific fate of its nutritive components in the rumen and tissue levels.

  12. Ribotyping to compare Fusobacterium necrophorum isolates from bovine liver abscesses, ruminal walls, and ruminal contents.

    OpenAIRE

    Narayanan, S; Nagaraja, T G; Okwumabua, O; Staats, J; Chengappa, M M; Oberst, R D

    1997-01-01

    Restriction fragment length polymorphism analysis of rRNA genes was employed to genetically compare Fusobacterium necrophorum subsp. necrophorum and F. necrophorum subsp. funduliforme isolates from multiple abscesses of the same liver and isolates from liver abscesses, the ruminal wall, and ruminal contents from the same animal. Four livers with multiple abscesses and samples of ruminal contents, ruminal walls, and liver abscesses were collected from 11 cattle at slaughter. F. necrophorum was...

  13. Leucaena leucocephala IN RUMINANT NUTRITION

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M. Barros-Rodríguez

    2014-08-01

    Full Text Available It is a common situation in extensive ruminant production systems in tropical countries to have low production indicators due to nutrient deficiencies in the diet. An economic alternative to increase animal production is the incorporation of legumes (fodder and fruits in the diet. This review, presents an analysis of the positive and negative effects of Leucaena leucocephala consumption by ruminants, with particular emphasis on the secondary compound mimosine. Leucaena due to its high nutrient content, rumen by-pass protein supply and its possible effect on the reduction of greenhouse gas (attributed to tannins has become one of the legumes most commonly used in ruminant feeding practices. However, in countries where leucaena has been introduced, its use is still limited to levels below 30% inclusion in the diet, due to the secondary compound mimosine and its isomers (3,4 and 2,3 DHP, which can induce toxicity, even when animals are inoculated with rumen fluid containing the bacteria Synergistes jonesii reported as responsible for degrading these compounds in the rumen. In the Yucatan Peninsula, Mexico, ruminants consuming leucaena can tolerate more than 50% inclusion in the diet, without having a negative impact on production, attributed intake to mimosine and its isomers. We conclude that in animals not adapted, the intake would be limited to low inclusion levels (less than 30% inclusion in the diet, mainly because of mimosine and its derivatives. The decrease in intake or diet digestibility seem to better explain the reduction in methane production, however, in vivo studies are required to clearly establish the mechanism of action. It has been reported the presence of different bacteria to S. jonessi that would have the ability to degrade mimosine and its derivatives, however, the activity of these bacteria and its effectiveness must be confirmed in vivo.

  14. The Ruminant and the Pond

    OpenAIRE

    Lajarin-Encina, Aitor

    2015-01-01

    The Ruminant and the Pond presents a group of paintings and a film that explore contemporary psycho-social conditions through fictional narratives. Paintings and film explore territories of thinking and emotion engaging the audience in subjective digressions related to ideas of artificiality, relativeness, absurdity, futility or alienation in relation to intersubjective reality perception, production and representation. At the same time the project delves in the specific relationship existin...

  15. Estudo retrospectivo das neoplasias em ruminantes e equídeos no semiárido do Nordeste Brasileiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabricio K. de L. Carvalho

    2014-03-01

    Full Text Available No Brasil, dados relacionados com a ocorrência de neoplasias em ruminantes e equinos são escassos. Objetivou-se com este trabalho determinar a frequência de neoplasias diagnosticadas em bovinos, caprinos, ovinos e equídeos no Laboratório de Patologia Animal da Universidade Federal de Campina Grande, Patos, Paraíba, durante o período de 1983 a 2010 e analisar os fatores de risco, mediante o teste de qui-quadrado, considerando como variáveis, espécie, raça, sexo e idade. Durante o período foram registrados 177 (5,6% tumores de um total de 3.153 diagnósticos provenientes de biópsias e necropsias. Houve diferenças significantes (p<0,001 na frequência de tumores entre as diferentes espécies sendo mais acometidos os equinos (10,6%, seguidos pelos bovinos (6,8%, caprinos (3,3% e ovinos (2,1%. Os tumores mais frequentes foram o carcinoma células escamosas (CCE nos bovinos (58,3%, ovinos (80% e caprinos (46,1% e o sarcoide em equinos (45,3%. Quanto à localização anatômica, as neoplasias foram mais frequentes na pele em equídeos (62,5% e ovinos (60%, olho e tecido periocular em bovinos (36,1% e sistema reprodutor feminino (períneo e vulva em caprinos (34,6%. Em relação ao sexo dos animais, apenas os bovinos apresentaram prevalência significativa (p<0,001. Em relação à idade apenas os caprinos apresentaram prevalência significativa (p=0,015. Não houve prevalência significativa em nenhuma espécie em relação à raça. Conclui-se que os carcinomas de células escamosas em ruminantes e o sarcoide em equídeos são os tumores mais frequentes em animais de produção no semiárido do Nordeste Brasileiro e que a espécie equina foi a mais acometida dentre as espécies estudadas.

  16. Ruminant feeding systems in Southeast Asia

    International Nuclear Information System (INIS)

    Jalaludin, S.

    1989-01-01

    Ruminant production in Southeast Asia is not a very large industry but has the potential for expansion because there is an adequate feed supply of conventional and non-conventional types. Grazing ruminants on permanent pasture and wasteland is the most common method of animal management practised by small scale farmers. Programmes to improve pasture in the grazing resources should be implemented. Introducing ruminants into plantations is a viable proposition. Further increases in ruminant productivity can be attained if the technology on utilizing crop residues and by-products can be transferred to farmers and applied more widely. (author). 39 refs, 11 tabs

  17. Casca de algodão em substituição parcial à silagem de capim-elefante para novilhos. 2. Parâmetros ruminais e séricos, produção microbiana e excreção urinária de compostos nitrogenados Partial replacement of elephantgrass silage with cottonseed hulls. 2. Ruminal and serum metabolites, microbial protein synthesis, and urinary excretion of nitrogenous compounds in steers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mario Luiz Chizzotti

    2005-12-01

    Full Text Available Quatro novilhos holandeses fistulados no rúmen, com peso médio de 259 kg, foram distribuídos em um quadrado latino 4 x 4 para se avaliar o efeito dos níveis de casca de algodão na dieta de novilhos sobre a concentração de nitrogênio uréico no soro (NUS e de amônia no rúmen, o pH ruminal, a excreção urinária de uréia e derivados de purinas e a produção de proteína microbiana estimada pelo método das bases purinas omasais e da excreção de derivados de purinas na urina. As dietas experimentais continham na base da matéria seca: 0, 10, 20 e 30% de casca de algodão peletizada, em substituição à silagem de capim-elefante, sendo a dieta total constituída de 60% de volumoso. Não houve efeito dos diferentes tratamentos sobre o pH e as concentrações de amônia no rúmen. A concentração de NUS e a excreção de uréia (em mg/kgPV diminuíram, enquanto a excreção de derivados de purinas na urina e a síntese de proteína microbiana no rúmen aumentaram linearmente com a inclusão da casca de algodão nas dietas. A estimativa da síntese de proteína microbiana não diferiu entre as metodologias das bases purínicas omasais e dos derivados de purina na urina. A casca de algodão mostrou-se um bom volumoso alternativo, podendo ser fornecida até o nível de 30% na MS total na dieta de novilhos de origem leiteira.Four ruminally cannulated Holstein steers averaging 259 kg of body weight were assigned to a 4x4 Latin square to study the effects of replacing elephantgrass silage with cottonseed hulls on serum urea nitrogen (SUN, ruminal metabolism, urinary excretion of nitrogenous compounds, and microbial protein synthesis measured by omasal purine bases or by urinary excretion of purine derivatives. Treatments (60% of forage contained on DM basis: 0, 10, 20 or 30% of cottonseed hulls that partially replaced elephantgrass silage in the diet. No significant differences in ruminal pH and concentration of ruminal ammonia were

  18. Caracterização biométrica de artículos da palma miúda (Nopalea cochenillifera em função da adubação orgânica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria de Lourdes Saturnino Gomes

    2016-06-01

    Full Text Available A palma forrageira é a cultura xerófila com maior potencial de exploração no Nordeste. Porém a variedade mais produzida, a palma gigante (Opuntia fícus indica (Mill. mostrou-se vulnerável a praga cochonilha-do-carmim, sendo, necessários testes com variedades resistentes à referida praga. Objetivou-se com este trabalho caracterizar os cladódios da palma forrageira (Nopalea cochenilifera Salm Dyck variedade miúda, plantada com cladódios de diferentes tamanhos e adubos orgânicos – o bovino e ovino irrigada com 2,5L.m-1 linear. O experimento foi conduzido no Distrito de Santa Luzia do Seridó, Município de Picuí-PB, entre maio de 2013 e dezembro de 2013. Adotou-se o delineamento em blocos casualizados, com 6 tratamentos e três repetições, em esquema fatorial 3x2: três tamanhos de cladódios: 15; 20 e 25 cm e duas adubações orgânica: esterco bovino e ovino. Procederam-se as seguintes avaliações: altura da planta, comprimento, largura, perímetro, espessura e área do cladódio a cada trinta dias entre 180 e 210 Dias Após o Plantio (DAP. O esterco ovino obteve maior desempenho para altura de planta. O esterco bovino incrementou as medidas dos cladódios primários. O esterco ovino obteve maior desempenho nas medidas dos cladódios secundários.  O cladódio de 25cm em função do esterco ovino obteve um índice biométrico superior.

  19. Consumo, digestibilidade total, produção de proteína microbiana e balanço de nitrogênio em dietas com subprodutos de frutas para ruminantes Intake, total digestibility, microbial protein production and the nitrogen balance in diets with fruit by-products for ruminants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Augusto Gomes Azevêdo

    2011-05-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar os efeitos da inclusão de subprodutos de frutas in natura (abacaxi, goiaba, mamão, manga e maracujá e do nível (10 e 30% utilizado na dieta de bovinos em substituição parcial à silagem de milho sobre o consumo e a digestibilidade total dos nutrientes, a produção de proteína microbiana (Pmic e o balanço de nitrogênio e sobre a predição das frações digestíveis e nutrientes digestíveis totais (NDT desses subprodutos. Todos os animais receberam silagem de milho e mistura ureia/sulfato de amônio (9:1 para que as rações se mantivessem isonitrogenadas. Os consumos de matéria seca (MS (kg/dia, matéria orgânica (MO, proteína bruta (PB, fibra em detergente neutro (FDN e NDT, além da digestibilidade de PB, extrato etéreo (EE e carboidratos não-fibrosos (CNF foram afetados pela origem do subproduto. Houve efeito para o nível de inclusão dos subprodutos na digestibilidade da PB e EE. Os subprodutos de mamão, manga e abacaxi apresentaram valor energético 23,1; 18,0 e 7,1%, respectivamente, superior ao da silagem de milho. A fonte do subproduto influenciou as excreções urinárias de derivados de purinas totais e purinas absorvidas e a produção de proteína microbiana, além da ingestão (g/dia, a excreção dos compostos nitrogenados nas fezes e na urina (g/dia e o balanço de nitrogênio (g/dia. O nível de inclusão dos subprodutos na dieta afetou as excreções urinárias de derivados de purinas totais e purinas absorvidas e a produção de proteína microbiana. Os subprodutos de abacaxi, mamão e manga têm valor energético superior ao da silagem de milho e podem substituir parcialmente concentrados energéticos em dietas para ruminantes. O subproduto de maracujá tem potencial para substituir parcialmente volumosos em dietas para ruminantes. O subproduto de goiaba apresenta limitações para uso em dietas para ruminantes.The objective of this study was to evaluate the effects of inclusion of by

  20. Uréia em suplementos protéico-energéticos para bovinos de corte durante o período da seca: características nutricionais e ruminais Urea in protein-energy supplements for beef cattle during the dry season: nutritional and ruminal traits

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eduardo Henrique Bevitori Kling de Moraes

    2009-04-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar o consumo, a digestibilidade, o pH e a concentração de amônia do líquido ruminal, a concentração de nitrogênio sérico e urinário e a síntese microbiana em novilhos recebendo suplemento durante o período da seca. Utilizaram-se quatro novilhos mestiços Zebu × Holandês, castrados, com peso médio inicial de 430 kg, fistulados no esôfago, rúmen e abomaso e distribuídos em quatro piquetes de Brachiaria decumbens, cada um com 0,40 ha. Cada animal recebeu 4,0 kg/dia de suplemento, constituído de milho moído, farelo de algodão, mistura mineral e uréia/sulfato de amônia em quatro níveis (0; 1,2; 2,4 e 3,6% na matéria natural. Os consumos de matéria seca total, 2,0% (10,9 kg/dia, e de pasto, 2,3% (7,1 kg/dia, matéria orgânica, 2,2% (9,7 kg/dia, matéria orgânica do pasto, 2,3% (6,3 kg/dia, proteína bruta, 1,9% (1,3 kg/dia, extrato etéreo, 3,6% (0,4 kg/dia, fibra em detergente neutro, 1,9% (5,8 kg/dia, carboidratos totais, 2,3% (8,2 kg/dia, e carboidratos não-fibrosos, 2,9% (4,1 kg/dia, foram influenciados de forma quadrática pelos níveis de uréia nos suplementos. Apenas a digestibilidade total da matéria orgânica foi afetada, de forma linear positiva, pelos níveis de uréia no suplemento. Não foram observados efeitos dos níveis de uréia no suplemento sobre o pH ruminal, entretanto as concentrações de amônia aumentaram linearmente de acordo com os níveis de uréia, ocasionando aumento linear na excreção de nitrogênio sérico e urinário. A eficiência microbiana, em qualquer forma de expressão, não diferiu entre os níveis de uréia.Four Zebu × Holstein steers were fistulated in rumen, abomasums and esophagus, with 430 kg of live weight grazing in four paddocks of Brachiaria decumbens (.40 ha, feed supplements were used to evaluate intake, digestibility, pH and ammonia ruminal concentration, nitrogen in serum and urine and microbial yield. The animals received 4.0 kg/animal/day of

  1. Desempenho de ovinos mantidos com dietas com capim-elefante ensilado com diferentes aditivos Performance of sheep fed diets with elephant grass ensiled with different addictives

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Nobre de Carvalho Junior

    2009-06-01

    Full Text Available Avaliaram-se os efeitos da adição de 15% de casca de café, farelo de cacau ou farelo de mandioca, com base na matéria natural (peso/peso, à forragem verde de capim-elefante no momento da ensilagem sobre o consumo de nutrientes e o desempenho de 20 ovinos Santa Inês em confinamento. Os animais tinham 5 meses de idade, peso inicial de 22,27 ± 3,24 kg e o peso final foi de 28,6 ± 3,78 kg. Utilizou-se um delineamento experimental inteiramente ao acaso, com quatro tratamentos e cinco repetições. Os tratamentos foram: capim-elefante ensilado sem aditivo ou ensilado com 15% de casca de café, farelo de cacau ou farelo de mandioca. A utilização da casca de café, do farelo de cacau e do farelo de mandioca na ensilagem de capim-elefante aumentou o consumo de matéria seca. Os maiores consumos de proteína bruta foram observados nas silagens contendo farelo de cacau e farelo de mandioca. Os consumos de fibra em detergente neutro foram semelhantes e o consumo de nutrientes digestíveis totais foi maior na silagem contendo farelo de mandioca. A conversão alimentar dos animais não foi afetada pela inclusão dos aditivos na ensilagem. A inclusão de farelo de mandioca na ensilagem de capim-elefante aumenta o ganho de peso (140,5 g/dia em ovinos Santa Inês.The effects of the addition of 15% of different addictives (coffee hulls, cocoa meal and cassava meal to green elephant grass forage, in natural matter basis (weight/weight, at the ensilage moment on the consumption of nutrients and the performance of twenty Santa Inês sheep under feedlot system were evaluated. The animals had 5.0 months of age, initial weight of 22.27 ± 3.24 kg and final weight of 28.6 ± 3.78 kg. The treatments were: T1 = elephant grass ensiled without addictive; T2 = elephant grass ensiled with 15% coffee hulls; T3 = elephant grass ensiled with 15% cocoa meal; T4 = elephant grass ensiled with 15% cassava meal. The use of the addictives coffee hulls, cocoa meal and cassava

  2. Clicking away at co-rumination: co-rumination correlates across different modalities of communication.

    Science.gov (United States)

    Keshishian, Ani C; Watkins, Melanie A; Otto, Michael W

    2016-11-01

    Co-rumination is associated with positive friendship quality (thought to buffer against anxiety and depression) but paradoxically higher levels of anxiety and depression. With the increasing use of technology for communication among adults, there is little known about co-rumination effects across different modalities of communication. In the current study, we examined co-rumination through four methods (i.e. in person, phone calls, text messaging, and social media) in two separate samples - college students and participants from the community. Classic co-rumination effects were found for in-person communications, and we found that co-rumination by telephone as well as by texting, for a college student sample only, mirrors some of these findings for in-person co-rumination. In studies of co-rumination, evaluation of multiple modes of communication is warranted.

  3. Evaluación del desarrollo testicular y medidas morfométricas en ovinos de pelo colombiano

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Amado Espitia-Pacheco

    2018-01-01

    Full Text Available Las medidas corporales en ovinos son útiles como indicador de tipo y función, permiten mejorar la selección. Se conocen estudios biométricos en ovinos que, relacionan la importancia de estas medidas con algunas variables productivas. El objetivo del presente estudio fue evaluar el desarrollo testicular y su relación con los parámetros morfométricos en ovinos de pelo colombiano, en el municipio de Sampués, Sucre, Colombia. Se utilizaron doce ovinos machos (destetados nacidos entre febrero y abril del 2014, sobre los cuales se tomaron las siguientes medidas: circunferencia escrotal (CE, peso corporal (PC, altura a la grupa (AG, alzada a la cruz (AC y longitud testicular derecha e izquierda (LTD y LTI, cada veintiocho días hasta los doce meses de edad. Para CE se efectuó análisis de regresión múltiple (RM del PC; AG; AC; LT. Para describir la variación del LT, el modelo incluyó solo las variables PC; AG; AC. El grado de asociación entre las variables estudiadas, se realizó por medio de correlación Pearson. La circunferencia escrotal mostró una correlación alta con los parámetros morfométricos evaluados. Dentro del análisis de RM, el PC influyó en la variable CE (p<0,05, mientras que las demás variables no influyeron significativamente. Según el coeficiente de regresión asociado a la medición, por cada kg de incremento en PC, hubo un correspondiente aumento de 0,09 cm en la CE.

  4. Características físico-mecânicas de couros caprinos e ovinos no Cariri Paraibano Goat and sheep leather physical-mechanical characteristics in the Cariri Paraibano

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Robson José Freitas Oliveira

    2008-01-01

    Full Text Available Objetivou-se com este trabalho avaliar as características físico-mecânicas de couros de um genótipo ovino e de três genótipos caprinos. Utilizaram-se 43 peles curtidas ao cromo, provenientes de 9 ovinos Santa Inês, 12 caprinos ½ Anglo Nubiano, 16 ½ Boer, todos mestiços com animais Sem Raça Definida (SRD, e 6 caprinos nativos denominados SRD. No período pré-experimental, todos os animais foram desmamados aos 90 dias de idade aproximadamente e criados em sistema de produção semi-intensivo utilizando pastagem cultivada. O período experimental iniciou quando os caprinos (5 meses de idade e os ovinos (4 meses de idade, alcançaram o peso médio de 18,3 kg. Os animais foram abatidos com peso médio de 30 kg e idades de 180 e 270 dias, para ovinos e caprinos, respectivamente. O genótipo e a direção amostrada influenciaram o resultado do teste de resistência ao rasgamento progressivo, apesar de todos os valores terem sido inferiores aos valores de referência recomendados para um couro de boa qualidade. Nas determinações da medida de distensão e resistência da flor, não foram detectadas diferenças entre os genótipos, no entanto, no teste de resistência à tração e ao alongamento, observaram-se diferenças entre os genótipos ou a direção da amostra. Todos os resultados foram superiores aos recomendados para um produto de qualidade industrial.This work had as objective to evaluate the physical-mechanic characteristics of the leather from one genotype of sheep and three genotypes of goat. Forty three tanned chrome skins were used: 9 Santa Inês sheep, 12 ½ Anglo Nubiano, 16 ½ Boer, all crossbed with animals of non-defined breeds (NDB and six NBD native goats. In the pre-experimental period, all animals were weaned at 90 days of age approximately and raised under semi-intensive production systems using cultivate pasture. The experimental phase began when the goat (5 moths of age and sheep (4 moths of age reached 18.3 kg

  5. Oesophagostomosis, moniaziasis and trichuriasis of small ruminants ...

    African Journals Online (AJOL)

    For this study, the intestines (small and large intestines) were collected from 300 small ruminants (200 goats and 100 sheep) at necropsy and examined by the Hansen and Perry method. Out of the 300 small ruminants examined during the study period, the intestines revealed the presence of Oesophagostomum sp, ...

  6. Rumination and Age: Some Things Get Better

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Stefan Sütterlin

    2012-01-01

    Full Text Available Rumination has been defined as a mode of responding to distress that involves passively focusing one's attention on symptoms of distress without taking action. This dysfunctional response style intensifies depressed mood, impairs interpersonal problem solving, and leads to more pessimistic future perspectives and less social support. As most of these results were obtained from younger people, it remains unclear how age affects ruminative thinking. Three hundred members of the general public ranging in age from 15 to 87 years were asked about their ruminative styles using the Response Styles Questionnaire (RSQ, depression and satisfaction with life. A Mokken Scale analysis confirmed the two-factor structure of the RSQ with brooding and reflective pondering as subcomponents of rumination. Older participants (63 years and older reported less ruminative thinking than other age groups. Life satisfaction was associated with brooding and highest for the earlier and latest life stages investigated in this study.

  7. Rumination Syndrome and Dental Erosions in Children.

    Science.gov (United States)

    Monagas, Javier; Ritwik, Priyanshi; Kolomensky, Andrew; Acosta, Julio; Kay, Danielle; Clendaniel, Lindsey; Hyman, Paul E

    2017-06-01

    Rumination syndrome is the effortless regurgitation of recently ingested food with subsequent reswallowing or spitting out. Dental erosion (DE) affects 2% to 5% of the population. DE is defined as loss of tooth structure by a chemical process that does not involve bacteria. Our objective was to compare the frequency of DE among children with rumination syndrome with healthy controls. We enrolled 30 patients 4 to 21 years of age diagnosed with rumination syndrome, and 30 age- and sex-matched healthy control subjects. Patients were evaluated by pediatric dentists for presence of DE with Taji et al a validated grading system. Patients with rumination were more likely to have DE (P syndrome, 23 (77%) had DE, compared with 4 (13%) control subjects. DEs are more frequent in patients with rumination syndrome.

  8. Fauna helmintológica de ovinos provenientes da microrregião de Jaboticabal, estado de São Paulo, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Willian Giquelin Maciel

    2014-03-01

    Full Text Available Avaliou-se a prevalência e a contagem parasitária das diferentes espécies de helmintos de ovinos provenientes da microrregião de Jaboticabal, região Noroeste de São Paulo. Para tanto, foram utilizados 66 animais naturalmente infectados, de quatro a 36 meses de idade, criados em regime extensivo. Os resultados necroscópicos revelaram a presença de sete gêneros e 12 espécies, com a seguinte prevalência e a média de parasitismo: Haemonchus contortus: 100,0% (2947,2; Trichostrongylus colubriformis: 90,9% (3048,8; Cooperia curticei: 56,0% (256,5; Oesophagostomum columbianum: 48,4% (36,0; Cooperia punctata: 30,3% (94,5; Trichostrongylus axei: 22,7% (26,5; Strongyloides papillosusi: 19,6% (83,0; Haemonchus contortus (L4: 7,5% (17,2; Cooperia pectinatai: 10,6% (12,9; Trichuris ovis: 10,6% (0,6; Cooperia spatulata 4,5% (0,3; Capillaria bovis: 4,5% (0,1. A carga parasitária média foi de 6.524,7 helmintos por animal. Haemonchus contortus (Adultos e L4 e Trichostrongylus colubriformis corresponderam a 45,4% e 46,7% da carga parasitária média total, respectivamente. Pode-se concluir que as duas espécies de helmintos mais abundantes e importantes da microrregião de Jaboticabal/São Paulo foram Trichostrongylus colubriformis e Haemonchus contortus, sendo que essas duas espécies perfizeram 92,1% da distribuição percentual dos helmintos recolhidos de todos os animais. Tais resultados demonstram a importância em se realizar um monitoramento das contagens de ovos por grama de fezes (OPG dos rebanhos desta região, quando o método FAMACHA for empregado em uma determinada propriedade, uma vez que este método de controle, geralmente, não permite diagnosticar os danos/sinais clínicos desencadeados nos animais pelo T. colubriformis, em função de essa espécie não possuir hábito de hematofagismo sobre os hospedeiros.

  9. Uso de bicarbonato e lactato-L para correção da acidose metabólica sistêmica em bovinos com acidose láctica ruminal aguda Use of bicarbonate and lactate L for correction of systemic metabolic acidosis in cattle with acute rumen lactic acidosis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.L.R. Leal

    2007-08-01

    Full Text Available Foram utilizados seis novilhos, providos de cânula ruminal, em delineamento experimental cross-over, para comparar a eficiência de soluções de bicarbonato de sódio e lactato-L de sódio na correção da acidose metabólica sistêmica (AMS, causada pela acidose láctica ruminal (ALR. Vinte horas após, quando apresentavam intensa AMS, os animais foram distribuídos aleatoriamente e tratados com cinco litros de 150mMol/l de bicarbonato de sódio ou de lactato-L de sódio, infundidas por via intravenosa, nas quatro horas seguintes. Amostras de sangue, para hemogasometria, foram coletadas no decorrer da infusão a zero, 1, 2, 3, 4, 6 e 8 horas. Ambos os tratamentos elevaram o pH sangüíneo já na primeira hora pós-infusão, corrigindo adequadamente a AMS. O tratamento com lactato-L de sódio aumentou as concentrações de bicarbonato, TCO2 e EAB sangüíneos já na segunda hora pós-infusão; com o bicarbonato essa elevação ocorreu a partir da terceira hora. Não houve diferenças entre tratamentos para pH sangüíneo, bicarbonato, TCO2 e excesso de base. Vinte e quatro horas após o tratamento todos os novilhos apresentaram plena recuperação. O lactato-L pode substituir o bicarbonato na correção da AMS em novilhos com ALR.The efficiency of sodium bicarbonate or l-lactate for correcting systemic metabolic acidosis (SMA caused by rumen lactic acidosis (RLA was evaluated using six rumen-cannulated steers in a cross-over experimental design. RLA was induced by administration of sucrose, intraruminally. Twenty hours later when the animals developed an intense SMA, the steers were randomly distributed and treated intravenously either with 5l of 15 mMol/l sodium bicarbonate or L-lactate solution, infused throughout 4h. Blood samples were colleted throughout the infusion at zero, 1, 2, 3, 4, 6 and 8h, for blood gas analysis. After 1hour, both sodium bicarbonate and L-lactate solutions increased blood pH and corrected adequately the SMA. Blood

  10. Aplicação de probabilidades de transição de estado dependentes do tempo na análise quantitativa do comportamento ingestivo de ovinos: Parte II

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fischer Vívian

    2000-01-01

    Full Text Available Os padrões do comportamento ingestivo foram avaliados usando nove ovinos 1/2 Texel +1/2 Ile-de-France durante seis meses. Os ovinos receberam a dieta às 9 e 16 h, composta de 250 g de concentrado (15,45% PB, 36,54% FDN e feno de gramíneas à vontade (6,69% PB, 69,10% FDN. O comportamento ingestivo foi medido continuamente durante cinco dias por período, suas atividades foram classificadas como ingestão, ruminação ou descanso eregistradas seqüencialmente. O cálculo das probabilidades de estado abrangeu três tipos: as probabilidades de estar em determinado estado, de permanecer neste estado e de mudar de um estado para outro. Foi aplicada a transformação finita de Fourier sobre as séries de probabilidades estimadas a cada cinco minutos, durante 22 horas por dia. No estudo da evolução nictemeral das probabilidades, foram utilizadas as análises de periodogramas, diagramas de fase e análise da variância sobre os valores transformados das séries de probabilidades. A análise de variância mostrou que todos os tipos de probabilidades seguiram uma distribuição nictemeral, influenciada significativamente pelos períodos e animais experimentais, em diversas freqüências. A análise dos periodogramas e diagramas de fase mostrou que as diferenças entre os períodos e animais experimentais foi especialmente devido às diferenças de amplitude das funções trigonométricas que descreveram a distribuição nictemeral das probabilidades de permanecer ou estar em determinado estado. O momento do dia, o período experimental e os indivíduos influenciaram a distribuição nictemeral das probabilidades de transição de estado.

  11. Mineral supplementation for grazing ruminants

    International Nuclear Information System (INIS)

    McDowell, L.R.; Conrad, J.H.; Ellis, G.L.

    1986-01-01

    Grazing ruminants to which concentrate feeds cannot be economically fed must rely on self-feeding of mineral supplements. A number of factors affect mineral consumption of free-choice mixtures. Livestock exhibit little nutritional wisdom and will select palatable mixtures in preference to mixtures designed to meet their requirements. Palatability and appetite stimulators are often used to achieve a more uniform herd-wide consumption. It is best to formulate free-choice mixtures on the basis of analyses or other available data. However, when no information on mineral status is known, a free-choice complete mineral supplement is warranted. A 'complete' mineral mixture usually includes salt, a low fluoride P source, Ca, Co, Cu, I, Mn and Zn. Selenium, Mg, K, S, Fe or additional elements can be incorporated into a mineral supplement as new information suggests a need. The detriment to ruminant production caused by providing Ca, Se and Cu in excess can be greater than any benefit derived by providing a mineral supplement. In regions where high forage Mo predominates, three to five times the Cu content in mineral mixtures is needed to counteract Mo toxicity. Supplemental minerals are most critical during the wet season, when cattle are gaining weight rapidly and energy and protein supplies are adequate. Economic return on mineral supplementation is high. (author)

  12. Dynamics of small ruminant development in Central Java-Indonesia

    NARCIS (Netherlands)

    Gede Suparta Budisatria, I.

    2006-01-01

    Small ruminants are an important but neglected resource in developing countries. Small ruminant production systems are complex. The multiple goals related to small ruminants, combined with the complexity of their management, and the resources and social arrangements involved, make small ruminants

  13. DEVELOPMENT OF HAMBURGER USING ADULT SHEEP MEAT AND OAT FLOUR DESENVOLVIMENTO DE HAMBÚRGUER DE CARNE DE OVINOS DE DESCARTE ENRIQUECIDO COM FARINHA DE AVEIA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luís Carlos Oliveira dos Santos Júnior

    2009-12-01

    Full Text Available

    The purpose of the present study was to produce a hamburger using adult sheep meat – which is not usually well accepted for in natura consumption – and oat flour. Centesimal composition, pH, water activity, color, fatty acid content, water retention capacity and cooking loss (of both adult sheep meat and the burger patty were assessed. Carbohydrates, total calorie content and sensory characteristics of the formulated products were also considered. Adult sheep meat contained 19% of protein, 5.4% of lipids, 1.18% of ashes and 76% of humidity. The meat from adult sheep and that from young animals differed remarkably in terms of lipid content. All other parameters complied with current meat regulations, although the addition of oats and/or pork to the burgers modified the ash and humidity contents. The sensory evaluation revealed that the sample containing 50% of adult sheep meat, 46% of pork and 4% of oats – which represents the maximum content allowed by law for non-meat sources of protein – enjoyed more widespread acceptance. The hamburgers made of adult sheep meat and oat flour were well accepted by the sensory panel and conform to current regulations, being therefore suitable for the manufacture of meat derivatives.

    Key words: Centesimal composition, dietary fiber, sensorial analysis.
    O objetivo deste trabalho foi desenvolver um produto cárneo do tipo hambúrguer, adicionado de farinha de aveia, visando ao aproveitamento da carne de ovinos de descarte, uma matéria-prima de pouca aceitação na forma in natura. Foram avaliadas a composição centesimal, o pH, a atividade de água, a cor, a capacidade de retenção de água e perda de peso por cozimento da carne e dos hambúrgueres, bem como carboidratos, valor calórico total e análise sensorial dos produtos formulados. A carne ovina apresentou em média 19% de proteína, 5,4% de lipídios, 1,18% de cinzas e 76% de umidade, sendo o conte

  14. Quadros clínico-patológicos do envenenamento ofídico por Crotalus durissus terrificus e Bothrops spp. em animais de produção

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Hubinger Tokarnia

    2014-04-01

    Full Text Available Foi realizada uma revisão dos quadros clínico-patológicos causados pelos venenos de Crotalus durissus terrificus e Bothrops spp. em bovinos, búfalos, ovinos equinos e suínos. Foram compilados os dados obtidos pela experimentação em animais de produção encontrados na literatura e os obtidos através de experimentação realizada por nossa equipe. Também foram revisados os casos naturais de envenenamento ofídico comunicados. Em dois Quadros foram lançados os mais importantes dados dessas revisões, que revelou diversos aspectos interessantes: 1 em nossos experimentos, o veneno de Crotalus durissus terrificus, quando injetado por via subcutânea em cavalos, causou um edema acentuado no local da aplicação, ao contrário do que tem sido observado em todas as outras espécies animais, aspecto não relatado na literatura; 2 em nossos experimentos, o veneno de diversas espécies de Bothrops, quando injetado por via subcutânea em bovinos, ovinos e equinos, não causou edema como em geral é relatado na literatura, e sim hemorragias subcutâneas acentuadas no local da aplicação. Nos casos não fatais este sangue era reabsorvido em poucos dias sem deixar sequelas. Exceção foi a reação ao veneno de Bothrops jararacussu, que causou edema nos ovinos experimentais, e tumefação acentuada que resultou em fístula com eliminação de líquido seroso nos equinos experimentais. O objetivo do presente estudo visa contribuir para o aperfeiçoamento do diagnóstico de acidentes ofídicos em animais de produção.

  15. Prolapso vaginal e uterino em ovelhas Uterine and vaginal prolapse in ewes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maíra Bianchi R. Alves

    2013-02-01

    Full Text Available O presente trabalho objetivou realizar um estudo retrospectivo sobre os prolapsos vaginal e uterino em ovelhas atendidas no Serviço de Clínica de Bovinos e Pequenos Ruminantes (CBPR da FMVZ/USP no período compreendido entre 2000 a 2010, no qual, foram atendidas 56 ovinos com problemas inerentes ao sistema reprodutivo, dessas, 25 apresentaram prolapso vaginal ou uterino (44,6%. O prolapso vaginal total foi o de maior frequência (72%. As ovelhas acometidas, em sua maioria, possuíam idade superior a quatro anos (64%, eram sem raça definida (44% ou da raça Ile de France (40%. As manifestações clínicas observadas durante a maioria dos atendimentos foram: taquipnéia, taquicardia, mucosas oculares avermelhadas indicando estado de toxemia, decúbito esternal ou lateral, apatia e anorexia. O tratamento instituído para todos os casos foi a limpeza, desinfecção e reintrodução do órgão prolapsado. A sutura de Bühner foi feita em 84% dos casos e a histeropexia em um caso (4%. A evolução foi satisfatória em 80% dos casos atendidos, nos demais casos (20% observou-se óbito da fêmea acometida. Do total de óbitos, os prolapsos vaginais foram responsáveis por 60% (3/5 e os prolapsos uterinos por 40% (2/5. A etiologia dos prolapsos não foi definida nos casos atendidos, sendo esses associados com o período pós-parto em sua maioria (56%, provavelmente associados com quadros de hipocalcemia, altas concentrações séricas de estrógeno e hipertonia uterina. Além disso, a predisposição genética não pode ser descartada.This study aimed to conduct a retrospective study on vaginal and uterine prolapse in sheep seen at the Clinic and Surgery on Cattle and Small Ruminants (CBPR at University of São Paulo, from 2000 to 2010. During this period, 56 sheep were treated with problems of the reproductive system. Of these, 25 ewes had vaginal or uterine prolapse (44.6%. The total vaginal prolapse was the most frequently (72%. The majority of

  16. INTAKE, DIGESTIBILITY AND PLASMA UREA NITROGEN IN HEIFERS FED SUPPLEMENTS WITH DIFFERENT RUMINAL UNDEGRADABLE PROTEIN LEVELS CONSUMO, DIGESTIBILIDADE E N-URÉICO PLASMÁTICO EM NOVILHAS RECEBENDO SUPLEMENTOS COM DIFERENTES NÍVEIS DE PROTEÍNA NÃO-DEGRADÁVEL NO RÚMEN

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Regina Bagaldo

    2008-10-01

    Full Text Available

    The effects of supplements with different levels (high, medium, low of ruminal undegradable protein (RUP by Brown-Swiss heifers grazing Brachiaria brizantha cv. Marandu on the intake, digestibility and plasma N-urea concentrations were evaluated. The experiment lasted 90 days, divided in three periods of 30 days, corresponding to May, June and July 2000. Fifteen purebred Brow