WorldWideScience

Sample records for racionalidade organizacional na

  1. AS RACIONALIDADES SUBSTANTIVA E INSTRUMENTAL NA PRÁTICA ORGANIZACIONAL: um olhar sobre Guerreiro Ramos e os estudos organizacionais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lucas Tadeu Cerri

    2017-06-01

    Full Text Available Este trabalho de cunho qualitativo se propôs compreender como se entrelaçam as racionalidades substantiva e instrumental no cotidiano dos gestores de primeira linha de uma multinacional e alguns funcionários de alto escalão de um órgão público na região do quadrilátero ferrífero em Minas Gerais. A coleta de dados ocorreu por meio da entrevista semiestruturada, que foram gravadas, transcritas e posteriormente analisadas via Análise de Conteúdo de Bardin (2006. A base teórica que fomentou as análises foram os trabalhos de Guerreiro Ramos (1981 e Maurício Serva (1996. Diante disso foi possível identificar 11 rubricas previstas por Serva (1996, entendidas nas análises como unidades de sentido; estas foram classificadas por proporção conforme sua aparição nos relatos; são elas: valores e objetivos, satisfação individual, reflexão, controle, tomada de decisão, divisão do trabalho, hierarquia e normas, conflito, ação social, relações interpessoais e dimensão simbólica. A presença da racionalidade instrumental ainda é latente no cotidiano analisado, sendo necessária alguma evolução para que esse modelo reificado do ser humano se altere. Todavia, tal pesquisa se mostra relevante, pois permitiu verificar uma manifestação considerável da racionalidade substantiva em um ambiente supostamente instrumental.   This qualitative study was proposed to understand how the substantive and instrumental rationalities are interwoven in the daily life of first-line managers of a multinational and some high-ranking officials from a public agency in the iron quadrilateral region of Minas Gerais. The data were collected through semi-structured interviews, which were recorded, transcribed and analyzed through Bardin Content Analysis (2006. A theoretical basis that fostered as analyzes were the works of Guerreiro Ramos (1981 and Maurício Serva (1996. Thus, it was possible to identify 11 items predicted by Serva (1996, understood in

  2. La racionalidad instrumental y comunicativa en las organizaciones empresariales

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis Guillermo López Rodríguez

    1998-02-01

    Full Text Available RESUMEN   Cuando las organizaciones se configuran y definen sus objetivos, definen también el sistema interno de interacción social y las relaciones sociales que les van a servir para cumplir con sus objetivos, que son la función social de la organización empresarial. El sistema que adoptan es estructurado con una racionalidad predeterminada. Esto quiere decir que quienes han pensado en esta actividad, han elaborado un conjunto de concepciones, creencias y percepciones, sobre las características del mercado, la relación con otras instituciones y la forma como se valora el ser humano. Con base en los criterios y valores de los fundadores de la organización se considera, así mismo, si quiénes colaboran son únicamente unidades productivas o por el contrario talentos humanos. Dependiendo de los valores que se adopten, las organizaciones asumen dos formas de racionalidad en las organizaciones: una racionalidad instrumental teleológica, dirigida hacia el logro de los objetivos o una racionalidad comunicativa constructivista que apunta hacia los fines de la organización

  3. Sobre Hannah Arendt: ética e racionalidade na sociedade contemporânea

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eda Terezinha de Oliveira Tassara

    Full Text Available Resumo: Este ensaio visa refletir sobre como superar obstáculos que se antepõem à capacidade de pensar de forma racional, a capacidade intelectual que envolve a abstração reflexiva e sua elaboração em correspondente argumentação. Parte da constatação de que, se se observa, de um lado, um crescimento na complexidade lógica do pensamento coloquial verbalizado, de outro, percebe-se uma ausência de competência nas operações intelectuais de análise dos processos racionais a ele subjacentes. Ou seja, a racionalidade contemporânea, alimentada pelos processos e produtos de conhecimento gerados através do pensamento abstrato e dedutivo do campo técnico-científico, comunicar-se-ia com a sociedade de maneira naturalizada, sob forma de representação social e, portanto, eivada de aportes ideológicos, de irracionalidades e/ou racionalizações acríticas. Visa-se refletir, então, sobre como subsidiar a superação de obstáculos à universalização do pleno exercício da razão e/ou da hermenêutica da racionalidade, instrumentalizando contrapontos aos impedimentos gerados pela ignorância ou pelas negatividades ou pelos núcleos dogmáticos do pensamento.

  4. A mudança organizacional na teoria administrativa

    OpenAIRE

    Silveira Júnior, Aldery; Oliveira, Waldyr Viegas de

    1996-01-01

    Discorre sobre a mudança organizacional na teoria administrativa, abordando a natureza da mudança, como ela se insere no contexto das organizações e como ela se desenvolveu na história da administração.

  5. organizaciones

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luz María Montoya Pérez

    2004-01-01

    Full Text Available El presente trabajo busca contribuir modestamente al conocimiento del aprendizaje individual y grupal dentro de las organizaciones; para ello, se aplica un proceso educativo enfocado a reafirmar habilidades de pensamiento a partir del diagnóstico personal y organizacional del desempeño en el trabajo, incluyendo aspectos de tipo valorativo y de relaciones interpersonales. Como parte de la investigación, se diseñó un proceso educativo compuesto por sesiones dirigidas y otras autodirigidas, una serie de ejercicios escritos que resolvieron los participantes para fortalecer cinco habilidades de pensamiento: análisis, relación, comparación, aplicación y deducción. Esto favoreció algunas operaciones cognitivas, principalmente la reflexión, la proposición, la descripción y la discriminación. Se manejaron dos grupos de participantes con nivel de educación media y profesionistas, en su gran mayoría ingenieros. Se partió de tres vertientes: la psicología cognitiva en lo referente a las habilidades de pensamiento y los hábitos para pensar; desde la administración se consideraron las propuestas de algunos autores relevantes en el campo del aprendizaje organizacional; finalmente, la tercera a partir de la psicología educativa y toma como base las teorías del aprendizaje de corte constructivista.

  6. organizacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Guadalupe Vargas Hernández

    2002-01-01

    Full Text Available El propósito de este trabajo es analizar, a partir del esquema de algunas variables macro y micro que influyen en la determinación de las tendencias para el cambio de valores en los programas de información y desarrollo de administradores e implicaciones futuras a las crecientes demandas de un medio ambiente de las organizaciones, cada vez más complejo e incierto. La revolución tecnológica está modificando ya los actuales procesos educativos, de tal forma que hace más flexible el tiempo y el espacio mediante el uso de programas cada vez más transdisciplinarios de educación abierta y a distancia, que contribuyen a la formación de un nuevo tipo de administrador, con nuevas habilidades, comportamientos y valores.

  7. CULTURA ORGANIZACIONAL: UM ESTUDO DE CASO NA EMPRESA MGO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vagner Luís Wentz

    2012-07-01

    Full Text Available O tema cultura tem sido objeto de estudo há muitos anos, e as literaturas existentes apontam uma grande diversidade de conceitos, o que torna as organizações grandes fontes de pesquisa. A MGO, uma multinacional fabricante de produtos agrícolas, convive constantemente com mudanças de seus procedimentos, de suas tarefas do cotidiano e de comportamentos por parte de seus colaboradores, uma relação entre “novatos” e “veteranos” que, em alguns casos, é geradora de conflitos, o que pode vir a prejudicar a imagem da companhia. Diante disso, este estudo tem como objetivo geral analisar a cultura organizacional a partir da percepção das lideranças de uma unidade da empresa MGO situada em Montenegro/RS. Esta pesquisa se classifica, quanto aos procedimentos, como bibliográfica e estudo de caso; quanto aos objetivos, como descritiva; e quanto ao problema, esta pesquisa é classificada como qualitativa. A partir da análise dos dados coletados através de entrevistas semiestruturadas com as lideranças de departamentos diferentes, análise de documentos, observação participante e aplicação do teste para identificação da tipologia de cultura, pode-se identificar a cultura da organização e sugerir algumas melhorias que podem ajudar na harmonia do clima da organização. Palavras-chave: Cultura. Clima. Organização.

  8. A citricultura orgânica na região do Vale do Caí (RS: racionalidade substantiva ou instrumental?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eugênio Ávila Pedrozo

    2008-04-01

    Full Text Available Com base na premissa de que a tomada de decisão é um processo lógico, fruto da inteligência e racionalidade humana, objetiva-se com esse trabalho verificar se os agricultores orgânicos cooperados da Ecocitrus, ao decidirem pelo cultivo orgânico, estavam mais inclinados a uma motivação substantiva ou instrumental e, por conseguinte, se a cooperativa pode ser considerada hoje uma organização substantiva ou não. Este artigo baseou-se no modelo de aplicação teórica sobre racionalidade de Mauricio Serva (1993, 1997 e na proposta de organizações substantivas de Guerreiro Ramos (1989. O método utilizado é essencialmente qualitativo, com caráter exploratório-descritivo. Os sujeitos da pesquisa são produtores de bergamota orgânica, cooperados da Ecocitrus. Os dados foram levantados em julho e agosto de 2005, por meio de entrevistas semi-estruturadas e aplicação de questionários fechados. Por fim, os resultados permitiram caracterizar a Ecocitrus como uma organização substantiva de intensidade elevada.

  9. Jogos de empresas e economia experimental: um estudo da racionalidade organizacional na tomada de decisão

    OpenAIRE

    Sauaia,Antonio Carlos Aidar; Zerrenner,Sabrina Arruda

    2009-01-01

    Through the empirical analysis of behavior in business games, this paper contributes to the discussion of the classical theories on decision making, especially the studies of Simon. Primary data from sequential experiments were collected from business games that operated as laboratory experiments. According to the theorists of Experimental Economics and Behavioral Finance (Barberis & Thaler, 2003; Breinholt, Chesteen, & Cooper, 1992; Shiller, 2000; Simon, 1957, 1976), there was evidence that ...

  10. Jogos de Empresas e Economia Experimental: um Estudo da Racionalidade Organizacional na Tomada de Decisão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Carlos Aidar Sauaia

    2009-04-01

    Full Text Available Through the empirical analysis of behavior in business games, this paper contributes to the discussion of the classical theories on decision making, especially the studies of Simon. Primary data from sequential experiments were collected from business games that operated as laboratory experiments. According to the theorists of Experimental Economics and Behavioral Finance (Barberis & Thaler, 2003; Breinholt, Chesteen, & Cooper, 1992; Shiller, 2000; Simon, 1957, 1976, there was evidence that the choices of some individuals were rational, although in a limited way, producing results in disagreement with the expected utility theory. Their judgment prevented their organizations from maximizing the results because of some cognitive factors (Simon as cited in Bazerman, 2004, p. 6 such as simplification, lack of criteria, time restriction, cost restriction, perception and the ability to retain information in the memory. The subjectively rational decisions (rational a priori, which seemed to align means and ends, were shown to be inefficient (a posteriori reducing the organizational performance indicator (internal rate of return and lowering incentives for the managers (performance evaluation. The evidence shown here, based on objective data and observations, makes it possible to study problems in the field of Experimental Economics through business games

  11. Cultura organizacional na área da saúde: um estudo bibliométrico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro Henrique Fonseca

    Full Text Available RESUMO O artigo objetivou identificar as características das pesquisas na área de saúde sobre o tema cultura organizacional publicadas em revistas brasileiras. A busca foi efetuada na Biblioteca Virtual em Saúde a partir do termo ‘cultura organizacional’, no período de 2007 a 2016. Foram encontrados 30 artigos em revistas nacionais de Qualis A1, A2, B1 nas áreas de avaliação Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior: enfermagem, saúde coletiva e psicologia. Os resultados evidenciaram o predomínio de artigos quantitativos e a aplicação de grande variedade de instrumentos para analisar a cultura organizacional na saúde, o que amplia as possibilidades de investigação e análise de diferentes aspectos do tema.

  12. Assédio moral X clima organizacional: impacto na produtividade organizacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Maria Oliveira do Nascimento

    2012-07-01

    Full Text Available Este artigo visa abordar o problema do assédio moral nas empresas, um tema que ao longo do tempo vem ocupando lugar de destaque nas organizações. A vulnerabilidade e passividade do colaborador diante do agressor demonstra o lado oculto deste comportamento que é observado no dia-a-dia das organizações, esse artigo tem como objetivo demonstrar porque em muitos casos o colaborador submete-se ao assédio moral e por que quem agride está sempre em posições superiores. A queda na produtividade e os problemas de saúde que surgem como conseqüências da submissão são apenas alguns dos fatores que podem desencadear. Sabemos que nessa era de globalização e constantes processos de mudanças, temos que ser mais ágeis, práticos e profissionais buscando sempre a excelência das organizações em que atuamos. Contudo é sabido também que a partir do momento em que a nossa integridade e dignidade não são respeitadas nem conservadas, devemos parar e reavaliar os conceitos e projetos. Destarte, poucas são as leis que podem nos proteger nesse momento, mas já se estuda muito a respeito para que esse mal atinja um número menor possível de pessoas.

  13. EMPREENDEDORISMO E RACIONALIDADE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Geraldo Magela Rodrigues Vasconcelos

    2011-12-01

    Full Text Available O fenômeno do empreendedorismo tem sido tema relevante na ciência econômica, com repercussão em outras ciências, que procuram esclarecer qual efetivamente o papel desempenhado pelo empreendedor no desenvolvimento social. Os estudos procuram esclarecer como este indivíduo opera a partir do ponto de vista da criação de negócios, da identificação de oportunidades e da busca do lucro, e também do ponto vista pessoal, em termos de processo de decisão e de escolhas, e seus mecanismos. Este artigo apresenta uma breve discussão dos motivos que levaram os autores neoclássicos a “abandonarem” a figura do empreendedor, o que transformou-se no principal debate entre os neoclássicos e seus críticos, especialmente Schumpeter. Posteriormente, destaca o contexto decisório em que o empreendedor opera, tanto do ponto de vista pessoal, quanto do ambiente em que trabalha. Finalizando, discute a questão da racionalidade nesse processo, apresentando as considerações finais e questões para discussão e estudo.

  14. Estudo sobre o impacto do Clima Organizacional na satisfação do colaborador

    OpenAIRE

    Oliveira, Rubens Lopes de; FAAT; Silva, Aurelia Ediodato Alves da; Universidade Braz Cubas

    2014-01-01

    A relação entre as pessoas e a organização é um tema bastante estudado, sabe-se que esse tipo de relação nem sempre é de parceria ou satisfação, pois tanto as organizações quanto as pessoas são dinâmicas, tornando essa relação mutável e complexa. Esse trabalho propõe estudar o impacto de um clima organizacional saudável na satisfação do colaborador da área da saúde, explorando o tema da manutenção da satisfação do colaborador, que se dá através de um clima organizacional equilibrado e tendo c...

  15. A contratação de aprendizes: o reflexo da aprendizagem de adolescentes na cultura organizacional

    OpenAIRE

    Silva, Nicéia Luzia Selete

    2008-01-01

    O objetivo primordial deste trabalho é avaliar a influência da contratação e do processo de aprendizagem de mão-de-obra adolescente na cultura organizacional de empresas. Para ser atingido, foi desdobrado em objetivos específicos, que pretendem: analisar legislação específica e pertinente que regula a aprendizagem profissional de adolescentes; estudar a aprendizagem e cultura organizacional e suas interligações; identificar características culturais e de aprendizagem organizacional das empres...

  16. CONTORNOS DA ISONOMIA: ARTICULAÇÃO ENTRE ELEMENTOS DE RACIONALIDADE NA GESTÃO DE UMA ONG [doi: 10.5329/RECADM.20070601010

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Washington José de Souza

    2007-05-01

    Full Text Available Este texto descreve o modo como elementos de racionalidade se articulam na gestão de uma Organização Não-Governamental tomando como base teórica o Paradigma Paraeconômico (Ramos, 1989 e o eixo metodológico adotada por Serva (1996. No aspecto processual, foram realizadas entrevistas individuais estruturadas e a análise de conteúdo. De acordo com as premissas que delimitam o conceito de isonomia, a Organização estudada não faz jus a tal denominação, em que pesem as ocorrências de trabalho livre de constrangimentos e de satisfação com o trabalho e orgulho dos trabalhadores com a imagem da organização. Tal fato ocorre em virtude da elevada centralização da decisão, que limita a autonomia e processos de atualização pessoal.

  17. Contribuições da racionalidade argumentativa para a abordagem da ética na escola Contributions of argumentative rationality for addressing ethics in school

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renato José de Oliveira

    2012-03-01

    Full Text Available Este artigo discute o trabalho com a ética na escola (ensinos fundamental e médio a partir de uma crítica ao modelo de racionalidade demonstrativa, predominante desde o advento da modernidade. Como alternativa, apresenta outro modelo, a racionalidade argumentativa, discutida com base nas abordagens feitas por Chaïm Perelman, Lucie Olbrechts-Tyteca e Michel Meyer. Os dois primeiros autores formularam uma teoria da argumentação cujo objetivo é subsidiar os raciocínios próprios das ciências humanas e sociais, áreas do conhecimento nas quais procedimentos típicos da racionalidade demonstrativa, como a dedução e o cálculo, não se aplicam. Já Meyer salienta a natureza problematizadora da racionalidade argumentativa, situando a retórica como meio de negociar as distâncias existentes entre os indivíduos a propósito de determinadas questões. Esse quadro teórico é complementado pela filosofia do pluralismo, apontada por Perelman como contraponto às visões de mundo alicerçadas sobre concepções unitárias da verdade, denominadas monismos. Nos marcos desses referenciais, a concepção ética universalista de Immanuel Kant e o relativismo proposto pela ética da estética defendida por Michel Maffesoli são discutidos. Em um segundo tópico, a ética na educação escolar é problematizada tendo em vista a seguinte questão: como formar o caráter do aluno sem recair em algum tipo de doutrinação? Na medida em que ética e moral dizem respeito a essa questão, discutimos como os dois termos vêm sendo compreendidos e propomos tomá-los como instâncias intercambiáveis. As conclusões que apresentamos com base nessas discussões não objetivam solucionar os problemas inerentes aos hábitos e às atitudes dos discentes, mas colocam-se como contribuições para a reflexão dos docentes acerca de suas práticas pedagógicas.This article discusses the work on ethics in school (primary and secondary education with basis on a critique

  18. Competências brasileiras na exportação de software: uma abordagem organizacional

    OpenAIRE

    Ferreira, Cíntia Borges

    2014-01-01

    Esse trabalho representa um estudo sobre as competências brasileiras na exportação de software, buscando entender como o país se posiciona no mercado externo e como poderia se posicionar. Para a sua realização, foi desenvolvida uma análise com base nos ambientes institucional, tecnológico e organizacional. Para o ambiente institucional, avaliaram-se as variáveis da atuação do governo, no que se refere às leis e às políticas setoriais, incluindo os investimentos externos, as certificações e os...

  19. Fitomejoramiento y racionalidad social

    NARCIS (Netherlands)

    Martinez Flores, A.; Ruivenkamp, G.T.P.; Jongerden, J.P.

    2016-01-01

    Este artículo argumenta que los resultados no intencionales de la generación
    de un cultivar de lupino (Lupinus mutabilis Sweet) se forjaron en el mismo momento en que se concibió y organizó el proyecto de fitomejoramiento. Más específicamente la racionalidad social, inmersa en los programas de

  20. Racionalidade e gerencialismo na política educacional paulista de 1995 a 2014: muito além das conjunturas

    OpenAIRE

    Ramos, Géssica Priscila

    2016-01-01

    Resumo Este artigo objetiva apresentar o modelo de gestão que embasa a política educacional paulista de 1995 a 2014, reconstruindo, para tanto, a lógica que sustenta e entrelaça os principais programas, projetos e ações implementados no período. A partir de análise bibliográfica e documental, verificou-se que, nesse período, os eixos racionalização organizacional, mudança nos padrões de gestão e melhoria na qualidade do ensino, mantiveram-se como base da reforma educacional no Estado. Sob ess...

  1. Motivação na aprendizagem organizacional: construindo as categorias afetiva, cognitiva e social.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Christiane Kleinübing Godoi

    2011-04-01

    Full Text Available O estudo dos processos complexos de aprendizagem encontra no fenômeno motivacional um elemento fundamental. O que se busca neste ensaio é compreensão do entrelaçamento dos aspectos afetivos, cognitivos e sociais da motivação no interior do processo de aprendizagem organizacional. A delimitação do objeto – motivação na aprendizagem organizacional – emerge, inicialmente, da construção de cada categoria: a categoria afetiva, originária da confluência entre a teoria psicanalítica freudiana e abordagem psicodinâmica da aprendizagem; b categoria cognitiva, procedente do pensamento piagetiano; e c categoria social, sob a influência das teorias da aprendizagem social e sociocognitiva. Em virtude de as teorias referenciais terem sido desenvolvidas historicamente sob paradigmas distintos, elabora-se uma aproximação entre o paradigma criticalista, que transpassa a abordagem psicanalítica, e o construcionismo social, que sustenta as abordagens da psicologia utilizadas. A análise conjunta das três categorias e de seus fatores envolve dois momentos: a análise dos fatores da motivação na aprendizagem, descritos por autores que atuam no campo do indivíduo, observando aqueles que podem ser adaptados para o campo organizacional, e inseridos nas categorias desenvolvidas; e proposição de um quadro-síntese de categorias e fatores que possa ser utilizado em estudos subsequentes sobre o tema. Este artigo pretende contribuir para um novo olhar sobre as teorias da motivação e da aprendizagem nas organizações, uma vez que a sua relação constitui um objeto de estudo que não pode ser reduzido a um tipo motivacional, tampouco a um tipo de cenário de engajamentos, semelhante à motivação no trabalho, mas consiste em um conceito inerente aos processos do aprender organizacional. Atribui-se a relevância do estudo à abertura de uma perspectiva multiparadigmática de compreensão do fenômeno.

  2. Folga Organizacional em Unidades de Negócios de Empresa Descentralizada na Percepção dos Controllers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ilse Maria Beuren

    2013-05-01

    Full Text Available O estudo objetiva examinar determinantes da folga organizacional em unidades de negócios (UN de empresa descentralizada na percepção dos controllers. Pesquisa descritiva, com abordagem qualitativa, foi realizada por meio de um estudo de caso em cinco UN de empresa multinacional do setor de embalagens. Entrevista estruturada foi realizada com os controllers da UN do Brasil e de quatro UN dos Estados Unidos, pautada no instrumento de pesquisa de Indjejikian e Matejka (2006. Na análise de conteúdo das respostas constata-se a existência de folga organizacional em maior ou menor proporção no alcance das metas orçamentárias; nas informações disponibilizadas sob o enfoque da assimetria entre o gerente geral da unidade e o controller corporativo; na autoridade das decisões relativas à gestão de pessoas e de mudanças nas técnicas e procedimentos contábeis; e na autonomia das UN. Conclui-se que os quatro determinantes da folga organizacional identificados na pesquisa de Indjejikian e Matejka (2006 também possuem relativa presença nas UN da empresa pesquisada, o que justifica ampliar o estudo para outras empresas e de futuras pesquisas explorar motivações para a folga organizacional e de novos determinantes.

  3. A temática cultura organizacional nos estudos na área da saúde e da enfermagem

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bastos Marisa Antonini Ribeiro

    2001-01-01

    Full Text Available O objetivo deste artigo é apresentar uma revisão da literatura sobre a temática cultura organizacional apontando os pressupostos subjacentes às diferentes concepções teórico-metodológicas. Focaliza os estudos na área da saúde a da enfermagem.

  4. Realismo, racionalidad y revoluciones

    OpenAIRE

    Worrall, John

    1998-01-01

    Los cambios radicales de teorías, las así llamadas "revoluciones científicas", se han visto como una amenaza para dos tesis tradicionales sobre la Ciencia: el planteamiento según el cual es razonable creer que las teorías aceptadas actualmente en las Ciencias "maduras" son, al menos, aproximadamente verdaderas (realismo científico), y la posición según la cual el desarrollo de la Ciencia proporciona el mejor ejemplar de proceso racional (racionalidad científica). Este trabajo examina algunos ...

  5. A Disputa pelo sentido: o jogo de poder na Comunicação Organizacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia Maria Garçon

    2013-12-01

    Full Text Available Este trabalho adotou como aporte teórico, os clássicos de Blumer (1980, Bakhtin (1995, Foucalt (1996 e Galbraith (1986 e os estudos contemporâneos da Comunicação Organizacional pautados no paradigma da produção de sentido (OLIVEIRA; PAULA, 2008 e da gestão sistêmica (YANAZE, 2011 com o objetivo de identificar as relações de poder e luta pelo sentido do projeto social Comunidade Educativa, promovido pela Fundação Bunge na E.E. Henrique Dumont Villares, na capital paulista. Foram realizadas entrevistas qualitativas, em profundidade, com os representantes da Fundação e da Escola e suas narrativas, classificadas em categorias léxico-semânticas de semelhança, complementaridade, diversidade e divergência, sendo posteriormente confrontadas, a fim de identificar o embate dos sentidos. Os resultados apontaram que os interesses particulares pautaram a luta pelo sentido e o poder, que a princípio esteve de posse da Fundação, migrou para o campo dos professores, sendo o significado construído entre estes sujeitos, o hegemônico nesta interação.

  6. AVIDA NA EMPRESA: WALTON COMO MODELO PARA REELABORACÃO DA CULTURA ORGANIZACIONAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ester Rieger

    2002-12-01

    Full Text Available Uma empresa, ao escrever sua história, revela sua cultura organizacional, na qual o fator humano é que sofre o maior impacto. Visto que nos tempos atuais é mais forte o reconhecimento de que não é possível construir história sem a força do capital humano, é hora de rever e refazer as verdades que norteiam a empresa sua cultura. Humanizar o trabalho é integrar o ideal de Walton - jornada adequada, compensação justa, uso de habilidades, autonomia, crescimento, integração, constitucionalismo. De uma pesquisa numa cooperativa em Navirai, no Estado de Mato Grosso do Sul, a Cooperativa Agricola Sulmatogrossense Ltda. - Copasul, abstrairam-se elementos fortemente ligados aos fatores de Walton, sugerindo que sua aplicação poderá ser uma proposta adequada à reconstrução da cultura da organização no que diz respeito ao capital humano e à busca de qualidade para sua vida na empresa.

  7. AVIDA NA EMPRESA: WALTON COMO MODELO PARA REELABORACÃO DA CULTURA ORGANIZACIONAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ester Rieger

    2002-12-01

    Full Text Available Uma empresa, ao escrever sua história, revela sua cultura organizacional, na qual o fator humano é que sofre o maior impacto. Visto que nos tempos atuais é mais forte o reconhecimento de que não é possível construir história sem a força do capital humano, é hora de rever e refazer as verdades que norteiam a empresa sua cultura. Humanizar o trabalho é integrar o ideal de Walton - jornada adequada, compensação justa, uso de habilidades, autonomia, crescimento, integração, constitucionalismo. De uma pesquisa numa cooperativa em Navirai, no Estado de Mato Grosso do Sul, a Cooperativa Agricola Sulmatogrossense Ltda. - Copasul, abstrairam-se elementos fortemente ligados aos fatores de Walton, sugerindo que sua aplicação poderá ser uma proposta adequada à reconstrução da cultura da organização no que diz respeito ao capital humano e à busca de qualidade para sua vida na empresa.

  8. Conhecimento, aprendizagem organizacional e poder na rede: um estudo de caso na Secretaria de Educação e Cultura de Coahuila, México

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruno Luiz Américo

    2014-04-01

    Full Text Available O presente estudo parte da lacuna identificada de estudos de aprendizagem organizacional e poder. Para isso, tem como objetivo analisar a relação entre conhecimento, aprendizagem organizacional e poder, que permite controle, a partir da implantação, seguimento e avaliação de um Programa Nacional de Ensino de Inglês pela Coordenação da Secretaria da Educação e Cultura em Coahuila, México. Como referencial, vale-se da literatura de aprendizagem e conhecimento, poder e controle. Especificamente, versa sobre: a força ordenadora dos elementos textualizados na rede. Por meio de um estudo de caso qualitativo verificou-se como se dá o fluxo do conhecimento (acúmulo e utilização e o exercício de poder, onde mediadores atuam, configurando o processo de aprendizagem individual e organizacional.

  9. IMPACTO DA ESTRUTURA ORGANIZACIONAL DE DOIS HOSPITAIS PÚBLICOS PORTUGUESES NA EXECUÇÃO DOS SEUS OBJECTIVOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jorge Alves Faria

    2011-06-01

    Full Text Available Este artigo tem por objectivo procurar compreender o impacto da estrutura organizacional de dois hospitais públicos portugueses, com diferentes figuras jurídicas, na execução dos seus objectivos, através da percepção dos seus colaboradores. Pretendemos dar um contributo sobre como os gestores dos hospitais podem controlar e modificar a estrutura e o desenho da organização e de que forma essas modificações podem vir a influenciar a execução dos seus objectivos. Assim, recorremos à metodologia do estudo de caso, através do questionário como principal instrumento de recolha de dados, efectuado a 612 colaboradores de ambos os hospitais. Para além de não terem sido encontradas diferenças significativas na estrutura organizacional, entre os dois hospitais, este estudo permite-nos concluir, que o tipo de estrutura organizacional adoptado tem impacto na execução dos objectivos de uma organização, não sendo, no entanto, o único factor que afecta a sua execução.

  10. Comunicação organizacional na era digital: contextos, percursos e possibilidades

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Margarida M. Kröhling Kunsch

    2007-01-01

    Full Text Available Este artículo sitúa la comunicación en las organizaciones en el contexto de la complejidad de la sociedad contemporánea. Destaca el poder de las innovaciones tecnológicas de la información y sus impactos sobre las organizaciones. Presenta reflexiones sobre la evolución de la comunicación organizacional desde los llamados flujos informativos a los procesos interactivos y estratégicos presentes hoy en el quehacer comunicacional del mundo corporativo. Analiza la comunidad virtual como un público estratégico relevante y llama la atención sobre la necesidad que tiene la comunicación digital de las organizaciones de adoptar como parámetro la filosofía de la comunicación integrada a través de una adecuada planeación.

  11. A EVOLUÇÃO DAS MUDANÇAS TÉCNICAS, TECNOLÓGICAS E DA INOVAÇÃO E SEUS IMPACTOS NA PRODUÇÃO DO CONHECIMENTO ORGANIZACIONAL: APRENDIZAGEM ORGANIZACIONAL E OPEN USER INNOVATION

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cassia Aparecida Corsatto

    2016-12-01

    Full Text Available Este artigo apresenta um ensaio teórico sobre os impactos da produção do conhecimento organizacional na geração da inovação, observando a evolução da inovação ao longo da história desde os estudos das mudanças técnicas, tecnológicas e seus impactos para a evolução da inovação, no contexto da aprendizagem organizacional, learning organization e das práticas organizacionais da open user innovations. A título de contextualização, apresenta os conceitos de tecnologia e inovação e as formas de produção do conhecimento da mesma natureza para cada um destes temas. Apresenta-se ainda o contexto da produção do conhecimento organizacional, sua importância para o processo de geração da inovação, suas conexões com a aprendizagem organizacional a partir do indivíduo ou de um conjunto de indivíduos e da aprendizagem a partir da experiência do usuário. Foi desenvolvido utilizando a literatura como guia, considerando questões afetas à evolução tecnológica, inovação e conhecimento organizacional, buscando contextualizar os impactos da evolução tecnológica na geração da inovação e produção do conhecimento organizacional.

  12. O impacto da consultoria externa no desempenho organizacional, na percepção do público interno

    OpenAIRE

    Helou, João Antônio Heinzen Amin

    2008-01-01

    Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico. Programa de Pós-graduação em Administação O objetivo desta pesquisa é avaliar, na percepção do público interno, o impacto da consultoria externa sobre o desempenho organizacional da empresa XYZ. Para tanto, utilizam-se cinco categorias de análise: ambiente, estratégia, tecnologia, tamanho e ciclo de vida e, ainda, recursos humanos, além dos 14 princípios de administração geral formulados por Henri Fayo...

  13. APONTAMENTOS PARA CONSTRUÇÃO DA RACIONALIDADE AMBIENTAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Munir Jorge Felício

    2015-12-01

    Full Text Available Os apontamentos para construção da racionalidade ambiental propostos nesse texto foram reunidos das contribuições presentes nas análises da fenomenologia, da epistemologia e da ontologia do ser social em Marx. Essa iniciativa almeja ampliar e aprofundar a compreensão da problemática ambiental cujas mudanças globais provocam desafios principalmente para comunidade científica. Trata-se de problematizar o desenvolvimento da racionalidade econômica, a partir das degradações dos recursos naturais engendradas pelo atual avanço do modelo de desenvolvimento socioeconômico. Modelo que se baseia na majoração da produtividade, se apóia na expansão tecnológica e se sustenta da exploração como se os recursos naturais fossem ainda considerados abundantes e ilimitados. A transição dessa racionalidade econômica para a racionalidade ambiental é um empreendimento buscado pelas possibilidades de conhecimento advindo das análises da fenomenologia. Entre essas possibilidades, a interdisciplinaridade indicada como necessária pela epistemologia ambiental, pode se tornar uma interessante estratégia de pesquisa, desde que, tenha como ponto de partida, as demandas externas onde se encontram os elementos da atual questão ambiental e de seus desdobramentos.

  14. Sustentabilidade organizacional: as estruturas e as agencias

    OpenAIRE

    Domingues, Ivo; Silva, Carlos; Araújo, Raquel

    2013-01-01

    Neste texto é problematizada a regulação e a sustentabilidade organizacional a partir de conceitos tradicionalmente reconhecidos na teoria organizacional - estruturas organizacionais e sociais, racionalização, conhecimentos e aprendizagem organizacional, tecnologia e cultura organizacional. A reflexão é orientada para a análise de continuidades e descontinuidades, de alinhamentos e desalinhamentos e dos seus reflexos na regulação e na sustentabilidade organizacionais.

  15. A inserção do discurso narrativo no ciclo informacional e seu impacto na aprendizagem organizacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valério Brusamolin

    2015-09-01

    Full Text Available A presente pesquisa investiga o impacto que a inserção dos discursos narrativos no ciclo informacional proporciona na cultura de aprendizagem de uma organização. São identificados os usos de narrativas na gestão de projetos mediante pesquisa bibliográfica, que também apresenta os principais construtos da pesquisa. Verifica-se que a narrativa é uma prática de gestão do conhecimento utilizada com frequência no ambiente organizacional pelos gerentes, e também um tipo de discurso que pode ser analisado para a identificação de ideologias e estrutura de poder presentes na organização. Entretanto perdem-se valiosas oportunidades de aprendizado devido à ausência de registro das narrativas ou discursos narrativos, deixando de atender às necessidades de informação de histórias dos gerentes, lacuna que a proposta de pesquisa explorou mediante o experimento de um processo de gestão informacional para discursos, realizado no Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT. Conclui-se que as variações observadas nos aspectos de cultura de aprendizagem foram suficientes para validar, com o teste de postos com sinais de Wilcoxon, a hipótese da pesquisa, de que a inserção das narrativas no ciclo informacional de uma organização favorece o aprendizado organizacional.

  16. Automatização da alocação de posições na estrutura organizacional de SAP

    OpenAIRE

    Bezerra, André Filipe Paiva Torres

    2014-01-01

    Este documento apresenta uma análise ao desenvolvimento de uma solução que pretende automatizar o processo de alocação de colaboradores a posições na estrutura organizacional de uma empresa. A solução destina-se a um cliente que utiliza o módulo de recursos humanos de um sistema SAP para gerir toda está informação. O cliente da Konkconsulting para o qual foi desenvolvida a solução possui um modelo organizacional de elevada complexidade, com mais de 180000 colaboradores dispersos em milhare...

  17. Clima Organizacional na Gerência de Controle Ambiental do Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos GCA/IEMA

    OpenAIRE

    GARCIA, A. N.

    2015-01-01

    Este trabalho propõe uma análise do clima organizacional existente na Gerência de Controle Ambiental do Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos GCA/IEMA, após um período caracterizado por inúmeras discussões a respeito de plano de carreiras e aumento salarial. Para fundamentar tal análise realizou-se a caracterização da cultura do IEMA junto aos colaboradores da instituição e a identificação de fatores relevantes à análise do clima organizacional junto aos colaboradores dos s...

  18. AS ABORDAGENS EDUCACIONAIS NAS RELAÇÕES PROFESSOR-ALUNO E SEUS REFLEXOS NA GESTÃO ORGANIZACIONAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Emilia Camargo

    2012-03-01

    Full Text Available Este artigo tem por objetivo proporcionar reflexões sobre as relações de professores e alunos, bem como as interferências surgidas desta na gestão organizacional, que envolvem o processo de desenvolvimento econômico, social e humano. Em tempos modernos e com a complexidade dos fatores humanos inseridos dentro de um mercado globalizado de grande competição, cada vez mais se busca a eficiência humana e econômica das organizações, para que assim se possa superar os desafios diários existentes da sustentabilidade e perpetuidade. Desta forma procurou-se embasar algumas reflexões sobre tais paradigmas.

  19. Herbert a. simon y la economía organizacional

    OpenAIRE

    Estrada Gallego, Fernando

    2008-01-01

    Este artículo analiza los aspectos centrales de la obra de Herbert A. Simon, en especial el orientado al análisis de la economía de las organizaciones con énfasis en el criterio de racionalidad limitada. Se interpreta la crítica de Simon a la versión ortodoxa de la burocracia organizacional y se extiende su análisis hacia la economía institucional. Uno de los principales logros de Simon en teoría organizacional consiste en haber valorado analíticamente la psicología del comportamiento individ...

  20. Al rescate de la racionalidad

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gabriel Costantino

    2004-01-01

    Full Text Available Es un lugar común en la historia del pensamiento ubicar el origen de la racionalidad cerca del siglo VI a. C., en las zonas de influencia griega. Muchos trabajos ilustrados se han realizado sobre este acontecimiento, su relación con el pensamiento mítico, la solidaridad con la estructura institucional de la polis, sus características distintivas, etc. En este artículo se analizan algunos de esos debates en torno a esa idea de racionalidad nacida hace más de 2500 años. En este sentido, volver a La Tradición configurada por Sócrates, Platón y Aristóteles, nos puede decir mucho acerca de diferentes planteamientos modernos y contemporáneos; de la Ilustración a Jürgen Habermas, de los derechos humanos a John Rawls y Ronald Dworkin, las razones e ideales de La Tradición se vuelven a presentar, e iluminan lo que está puesto en juego.

  1. Escola, professores e avaliação: narrativas e racionalidades da avaliação do desempenho docente na escola básica portuguesa

    OpenAIRE

    Ramalho, Henrique Manuel Pereira

    2012-01-01

    Tese de doutoramento em Ciências da Educação (área de especialização em Organização e Administração Escolar) Orientado por um registo sociológico e político sobre as políticas e práticas de avaliação do desempenho docente, este trabalho faz abordagens mais específicas na sociologia e “politicidade” da avaliação educacional com um registo mais concreto no quadro da avaliação dos professores e educadores da escola básica portuguesa. Interessa-se, fundamentalmente, pela discussão d...

  2. O COMPROMETIMENTO ORGANIZACIONAL E A TEORIA DAS GERAÇÕES: UM ESTUDO DE CASO EM UMA EMPRESA METALÚRGICA NA SERRA GAÚCHA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Franscico Honório Araújo Batista

    2014-03-01

    Full Text Available A proposta deste trabalho é de analisar o comprometimento organizacional dos funcionários de uma empresa metalúrgica de Caxias do Sul. Foi utilizado o modelo dos três componentes de Allen e Meyer, que caracteriza o comprometimento organizacional em suas dimensões afetiva, instrumental e normativa. O instrumento de coleta de dados foi aplicado em uma amostra de 311 funcionários da empresa. O comprometimento organizacional foi analisado por grupo de funcionários pertencentes a quatro gerações (geração veteranos, geração baby boomers, geração X e geração Y. Esta teoria das gerações tem seu nascedouro na teoria geracional de Strauss e Howe, na qual os autores definem que em cada século há quatro gerações distintas e que cada uma das gerações comporta-se conforme as características de cada período geracional, bem como pelos acontecimentos de sua época. O resultado deste trabalho demonstra que há um bom comprometimento dos funcionários para com a empresa e não foram encontradas diferenças significativas entre as três dimensões do comprometimento para as quatro gerações pesquisadas.

  3. O papel mediador entre confiança e desempenho organizacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marco Tulio Fundão Zanini

    2014-03-01

    Full Text Available Neste artigo, busca-se contribuir para as discussões sobre a relação entre confiança e desempenho organizacional numa perspectiva econômica. Examinou-se o papel mediador entre confiança e desempenho organizacional a partir da análise da confiança como um elemento de coordenação informal dentro das organizações. Observou-se que a confiança interpessoal é um elemento central para a melhor compreensão dos contratos relacionais, como os contratos de trabalho, e que investimentos na criação e na manutenção de ambientes de trabalho baseados em confiança devem observar uma racionalidade econômica. Por meio de revisão na literatura para buscar compreender a necessidade e os benefícios de contextos sociais de alta e baixa confiança, concluiu-se que confiança é um elemento essencial para a execução de específicas tarefas organizacionais e observou-se sua relação mediadora com o desempenho.

  4. O assédio moral na enfermagem: contributos para a gestão organizacional

    OpenAIRE

    Marques, Patrícia Sofia da Assunção

    2014-01-01

    Dissertação de mestrado em Gestão das Organizações: Ramo de Gestão de Unidades de Saúde (parceria com a APNOR) apresentada na Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico de Viana do Castelo O presente estudo aborda a temática do assédio moral em enfermagem, através de uma metodologia qualitativa de natureza descritiva fenomenológica. Pretende compreender o contexto laboral em que ocorre o fenómeno, analisar os elementos que directamente nele intervêm e conhecer e dar a conhe...

  5. Esquecimento organizacional e suas consequências no processo de aprendizagem organizacional

    OpenAIRE

    Remor,Lourdes de Costa; Miranda,Angélica C. D.; Santos,Neri dos; Steil,Andreia Valéria; Remor,Carlos Augusto Monguilhott

    2010-01-01

    Este artigo apresenta uma revisão da literatura sobre o tema "esquecimento organizacional" e suas consequências no processo de aprendizagem organizacional. O objetivo da revisão é mostrar a importância atribuída ao esquecimento organizacional, considerando que acreditamos que ele interfere no processo da aprendizagem. Na literatura, percebe-se haver grande interesse na aprendizagem como um diferencial competitivo na busca por resultados. Por outro lado, parecem ser subvalorizados o esquecimen...

  6. A PUBLICIDADE E SUAS IMPLICAÇÕES COM AS RACIONALIDADES DE CONSUMO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lúcia Jacinta da Silva Backes

    2016-11-01

    Full Text Available Estudo com objetivo de pensar o papel da publicidade e sua relação com a sociedade de consumo, na perspectiva das racionalidades sociopolítica e estética e simbólica, apresentadas por Canclini. Dá-se ênfase às relações institucionais, políticas, culturais, econômicas e pessoais (racionalidade sociopolítica e o significado simbólico dado a objetos e fatos (racionalidade estética e simbólica que dinamizam discussões, ações e disputas em busca de melhor posição e/ou visibilidade no cenário da sociedade de consumo. Parte-se dessas racionalidades para pensar as trajetórias pelas quais a publicidade, ao estruturar uma mensagem, leva o público à ação. Aponta-se para a multiplicidade de sentidos presentes nessa mensagem e, como possibilidade de compreensão dessa construção de sentidos, recorre-se à semiologia barthesiana, mais especificamente às noções de denotação e conotação. Palavras-chave: Racionalidades de consumo, publicidade e multiplicidade de sentidos, publicidade.

  7. Profissionalização da Gestão Organizacional no Terceiro Setor: Um Estudo de Caso na Fundação Instituto Feminino da Bahia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lorena de Andrade Pinho

    2010-12-01

    Full Text Available O crescimento das desigualdades sociais vem resultando em uma propagação significativa no número de entidades sem fins lucrativos em todo o mundo. Estas instituições, que fazem parte do Terceiro Setor, atuam na área social baseando-se em valores como solidariedade e promoção da assistência social sem, contudo, deixarem de apresentar dificuldades relacionadas com a gestão organizacional, visto que possuem características distintas da esfera pública e privada. Assim, o objetivo deste estudo foi investigar a existência e a necessidade da profissionalização da Gestão Organizacional nas entidades do Terceiro Setor, em especial na Fundação Instituto Feminino da Bahia (FIFB, situada no Município de Salvador, no Estado da Bahia. Com efeito, para o desenvolvimento do presente estudo de caso, realizou-se uma entrevista semiestruturada com a gestora e os vinte funcionários da referida organização, além de conversas informais com alguns colaboradores. O tratamento dos dados foi feito de forma qualitativa, confrontando o referencial teórico com os dados coletados. Desta forma, verificou-se que a necessidade de profissionalização da gestão organizacional no Terceiro Setor é relevante, uma vez que a formulação de melhores estratégias visando à otimização dos recursos na obtenção de melhores resultados, sustentabilidade e continuidade, respeitando os valores e objetivos sociais, estão diretamente ligadas ao modelo de como estas entidades são geridas e a profissionalização se apresenta como uma alternativa para atender tais demandas.

  8. Desempenho organizacional e arranjo federativo: o slack da Sudene e o colapso na gest??o da pol??tica de planejamento regional

    OpenAIRE

    Fitipaldi, ??talo

    2009-01-01

    Este artigo procura explicar as raz??es do colapso na gest??o do sistema de planejamento regional no Brasil, debru??ando-se sobre a extin????o da Sudene no final da d??cada de 1990, como estudo de caso. Para tanto, utiliza-se o modelo de sa??da, voz e lealdade de Hirschman, para destacar o funcionamento dos mecanismos promotores do slack organizacional nessa ag??ncia de governo, e sua subsequente extin????o. Assim, sustenta-se o argumento de que a implementa????o de modelo federativo fortemen...

  9. Aprendizagem Organizacional em Microempresas: seu Processo na Tomada de Decisão de Equipes de Direção

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Enise Aragão dos Santos

    2015-12-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.5007/2175-8077.2015v17n43p72 Considerando-se a grande importância das microempresas (MEs na economia do Brasil, o fato de que muitas são criadas e dirigidas por uma equipe de direção e que o processo de aprendizagem organizacional é central para se entender sua administração, este trabalho buscou explicar o papel do processo na tomada de decisão estratégica dessas equipes nas MEs. Para tanto, realizou-se um estudo de casos múltiplos, com abordagem exploratória e qualitativa a partir de entrevistas com codirigentes (membros de uma equipe de direção de microempresas paulistas. A análise de dados constatou que o processo não teve papel relevante na tomada de decisão nas MEs. Ele se restringiu à troca de informações técnicas relativas a atividades repetitivas e operacionais, altamente centralizadas. Portanto, para a melhoria da tomada de decisão, seria útil a diminuição da centralização e o aperfeiçoamento das condições para a aprendizagem organizacional.

  10. Análise da Apicultura no Estado de Mato Grosso do Sul: um enfoque na mudança organizacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lidiane Parron Gonçalves

    2015-01-01

    Full Text Available A profissionalização da apicultura no Brasil é recente, sendo no Mato Grosso do Sul mais nítido ainda. A apicultura traz inúmeros benefícios: gera emprego e renda, é uma atividade de baixo custo, não agride ao meio ambiente, além de ser rentável. Assim, este estudo visa compreender como ocorreu o processo de mudança organizacional na apicultura sul-mato-grossense. Para tanto, partiu-se como suporte teórico a abordagem de análise desenvolvida por Motta (2001, subdividida nas perspectivas: cultural, estratégica, estrutural, tecnológica, humana e política. Quanto aos procedimentos metodológicos, caracteriza-se: qualitativa, descritiva e estudo de caso. Para a coleta dos dados utilizou-se entrevista semiestruturada. A partir da coleta foram identificadas perspectivas na mudança organizacional (categorias de análise. Os resultados indicam: necessidade da profissionalização para sobrevivência, ausência de planejamento estruturado, dificuldades específicas na região Central do país, parcerias e associações são fundamentais para o sucesso da atividade, interdependência com os pequenos produtores, entre outros.

  11. Sobre o estatuto epistemológico da racionalidade econômica segundo Karl Popper

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Brena Paula Magno Fernandez

    2014-12-01

    Full Text Available Três tipos de críticas são comumente levantadas contra a utilização do postulado da racionalidade na ciência econômica. A primeira delas associa-se ao argumento da circularidade, a segunda diz respeito à blindagem da teoria contra a refutação e a terceira - e mais importante delas - refere-se à inadequação empírica. O presente artigo busca encaminhar esta última, à luz do tratamento dado por Popper ao longo de sua carreira para a questão de qual seria o estatuto epistemológico do princípio da racionalidade nas teorias econômicas. Três possíveis respostas a esta questão são aqui examinadas, explicitando-se suas respectivas estruturas lógicas. A primeira delas propõe que o postulado da racionalidade desempenhe o papel de lei geral do comportamento humano. A segunda requer que ele funcione como um axioma da teoria. Finalmente, a terceira proposta sugere que o postulado da racionalidade seja entendido como regra metodológica. Conclui-se o artigo sugerindo que esta última solução satisfaz ao apelo que o tipo de crítica aqui examinada faz ao conceito de racionalidade. Não obstante, ao situar-se no contexto metateórico, o postulado da racionalidade mantém importância inegável na teoria econômica. Sem ele, não se disporia de instrumentos que conduzissem à seleção de dados empíricos voltados ao teste das teorias.

  12. A INFLUÃNCIA DA ESTRUTURA ORGANIZACIONAL NA EXECUÃÃO DOS PROCESSOS DE MANUTENÃÃO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo A. C. Guzman

    2003-12-01

    Full Text Available No contexto atual de competitividade, uma eficiência maior dos processos executados pelo departamento de manutenção é um dos fatores que contribui paRI o aumento de produtividade das empresas. Diferentes autores têm reconhecido a importância da estrutura organizacional do departamento de manutençào no seu desempenho. Entretanto, esses autores não detalham a influência da estrutura organizacional para a adequada execução dos processos de manutenção. Este artigo descreve um trabalho cujo objetivo foi procurar entender como a estrutura organizacional influência os processos do departamento de manutenção de urna empresa. Para isso foram realizados uma vasta pesquisa bibliográfica relativa ao gerenciamento de manutenção e à teoria sobre análise organizacional, além de um estudo de caso numa empresa de grande porte. O trabalho apresentado neste artigo serve como piloto e base para estudos futuros. As conclusões, se confirmadas em pesquisas posteriores, poderão subsidiar acomplementação da teoria existente.

  13. Comunicação organizacional e relações públicas na era digital

    OpenAIRE

    Penteado Filho, Roberto de Camargo

    2012-01-01

    Este artigo é um manual para as organizações exercerem as funções de comunicação organizacional com a sociedade e de relações públicas utilizando este novo meio de comunicação de massa interativo, a Internet.

  14. AS TEORIAS DA CRIAÇÃO DO CONHECIMENTO ORGANIZACIONAL E O PROCESSO DE PRODUÇÃO DO CONHECIMENTO NA TERAPIA COMUNITÁRIA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eneida Regina Fabian Holzmann

    2014-06-01

    Full Text Available Estudo exploratório e bibliográfico sobre conceitos referentes ao processo de construção do conhecimento. Analisa as teorias da criação do conhecimento organizacional de Nonaka e Takeuchi (1997 e Choo (2006 com a metodologia da terapia comunitária, criada por Barreto (2005, prática popular de terapia em grupo que abraça a diversidade cultural e fundamenta-se na valorização do saber popular, do conhecimento tácito para a busca de soluções em saúde mental. Parte do princípio de que a própria sociedade está sendo chamada de “sociedade do conhecimento”, na qual a conversão da informação em conhecimento constitui a principal riqueza. Com base em estudo bibliográfico, analisa os processos para conversão do conhecimento por meio do compartilhamento e socialização da experiência, procurando aproximações entre os processos observados nas organizações e nas comunidades formadas a partir dos grupos de terapia comunitária. Utiliza, entre outras bases teóricas, o pensamento de Edgar Morin (2011, Fritjof Capra (2006, Humberto Maturana e Francisco Varela (2001, autores de visão sistêmica, para investigar a relação entre o processo de criação do conhecimento organizacional, individual e coletivo, e a terapia comunitária, considerada pela análise aqui apresentada como metodologia facilitadora da produção do conhecimento, com possibilidade de gerar inovação na área de saúde mental.

  15. Clima organizacional: fatores significativos na percepção de docentes e discentes vinculados a programas de pós-graduação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Angélica Balconi Moro

    2014-11-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.5007/1983-4535.2014v7n3p1 Este estudo teve como objetivo analisar os fatores significativos do clima organizacional em programas de pós-graduação (PPGs, na percepção de docentes e discentes. Para tanto, realizou-se uma pesquisa exploratória de caráter quantitativo do tipo multi-casos. Participou da pesquisa uma amostra de 200 alunos e 52 professores de quatro PPGs de uma Instituição Pública de Ensino Superior. Os fatores selecionados para a realização deste estudo foram: Relacionamento Interpessoal; Gestão; Envolvimento/Comprometimento; Organização e Condições de trabalho; e, Realização/Satisfação. A análise dos dados demonstrou que alguns fatores, como Relacionamento interpessoal, Gestão, Envolvimento/comprometimento, Realização/satisfação apresentam alto nível de satisfação entre a amostra pesquisada. Já o fator Organização e condições de trabalho necessita atenção especial para a manutenção da satisfação dos indivíduos e consequente melhoria do clima organizacional dos PPGs.

  16. A influência do clima organizacional na remuneração por competência

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Derly Jardim do Amaral

    2007-12-01

    Full Text Available Este  artigo  analisa  a  influência  do  clima  organizacional  no  sistema  de  remuneração  por competência, dois importantes componentes que podem trazer  vantagens  às  pessoas  e  às  organizações. Para  mensurar  essa  influência,  optou-se  pelos métodos  quantitativo,  descritivo-estatístico  e exploratório.  Construiu-se  um  questionário  de pesquisa baseado nas sete dimensões de clima organizacional, conforme concebido por Kolb (apud SOUZA,  1978. O questionário  foi  encaminhado por correio  eletrônico para  gestores  de  Recursos Humanos  de  33  organizações  localizadas  no sudeste e sul do país. Os resultados apontam que 65% dos respondentes confirmaram as dimensões de  Kolb  (apud  SOUZA,  1978,  exceto  para  o conformismo (57,5%, fazendo com que não seja rejeitada  a  hipótese  de  que  a  remuneração  por competência exerce influência no clima organizacional das  organizações pesquisadas.

  17. Controle e conflito organizacional : um estudo de caso na Secretaria de Saude do Municipio de Joinville-SC

    OpenAIRE

    Veiga Junior, Dirceu Ribas

    1993-01-01

    Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Socio-Economico O objetivo desta pesquisa é investigar até que ponto se relacionam controle organizacional e conflito de interesses entre os grupos de dirigentes e profissionais médicos que atuam em ambulatórios da Secretaria de Saúde do Município de Joinville - SC. Procurou-se caracterizar os interesses através das necessidades que justificavam tanto os valores dos dirigentes organizacionais e profissionais médicos qu...

  18. Niveles del aprendizaje organizacional

    OpenAIRE

    Garzón Castrillón, Manuel Alfonso

    2005-01-01

    En la propuesta de modelo de aprendizaje organizacional (AO), la segunda variable se denomina niveles del aprendizaje organizacional ; los niveles de aprendizaje que contemplamos para nuestra investigación son: individual, de equipo, organizacional e interorganizacional.

  19. Tipos de análise da cultura organizacional de Trompenaars (1994 predominantes na área de controladoria em empresas familiares do ramo têxtil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanderlei dos Santos

    2010-08-01

    Full Text Available O estudo objetiva identificar os tipos de análise da cultura organizacional de Trompenaars (1994 predominantes na área de controladoria em empresas familiares do ramo têxtil. Realizou-se pesquisa descritiva, com abordagem qualitativa e quantitativa, por meio de um estudo multicasos. Os dados foram coletados através de entrevista com o controller das empresas. Em relação aos quatro tipos básicos de cultura sugeridos por Trompenaars (1994, conclui-se que não existe um tipo puro, mas há forte presença da cultura familiar entre as empresas pesquisadas nas dimensões Relação entre Empregados, Atitude em Relação à Autoridade, Formas de Mudanças, Formas de Motivação e Recompensa.

  20. O papel e a influência da comunicação organizacional na formulação e implementação da estratégia

    OpenAIRE

    Antunes, Silmar Neckel

    2015-01-01

    Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico, Programa de Pós-Graduação em Administração, Florianópolis, 2015. Esta dissertação aborda a relação entre o planejamento estratégico e a comunicação organizacional sob a perspectiva das influências existentes entre essas duas áreas da Administração quando inseridas no contexto organizacional. O objetivo geral deste trabalho consiste em avaliar as influências da comunicação organizacional na formulação e...

  1. RELAÇÃO ENTRE MODERNIDADE ORGANIZACIONAL E COMPROMETIMENTO ORGANIZACIONAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanessa Machado Arraes

    2017-04-01

    Full Text Available Este estudo tem por objetivo investigar a relação entre a modernidade organizacional e o comprometimento organizacional em empregados públicos das Sociedades de Economia Mista do Ceará. O trabalho foi baseado na abordagem de padrões de modernidade organizacional, propostos por Eboli (1996 nos moldes validados por Sant’Anna (2002 e na abordagem tridimensional de comprometimento organizacional proposta por Meyer, Allen e Smith (1993. Recorreu-se a análise fatorial exploratória e confirmatória para a validação das escalas e ao modelo de equações estruturais para a confirmação das hipóteses. A população da pesquisa foi composta por 479 empregados, tendo como amostra 339 respondentes. Numa avaliação geral, a modernidade das organizações foi classificada como moderada. O comprometimento afetivo e o normativo foram avaliados como altos, e o instrumental como moderado. Foi possível constatar, ainda, por meio da modelagem de equações estruturais uma relação positiva e significativa entre a modernidade organizacional e o comprometimento afetivo e normativo.

  2. Há lugar para uma “racionalidade científica” no pensamento de Paul Feyerabend?

    OpenAIRE

    Flach, Miguel Ângelo

    2012-01-01

    A presente dissertação tem como objeto examinar se há lugar e, se houver, em que termos o seria, para uma concepção de “racionalidade científica” na obra de Paul Feyerabend. Parte-se da crítica radical que esse autor faz à racionalidade em sua visão tradicional e ao racionalismo. Para tanto, inicialmente faz-se necessário examinar a ampla concepção de “racionalismo” proposta por Feyerabend. Neste sentido, o capítulo 2 analisa o contexto da cultura grega arcaica, onde Feyerabend encontra um na...

  3. Organizaciones acosadoras

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fassio, Adriana

    2014-12-01

    Full Text Available Este trabajo tiene como objetivo dar cuenta de los hallazgos de una investigación  que indagó de modo exploratorio características de organizaciones acosadoras, desde la mirada de la administración y el análisis organizacional.Se define como acoso moral (AM en el trabajo a toda conducta abusiva (gesto, palabra, comportamiento, actitud que atenta, por su repetición o sistematización, contra la dignidad o la integridad psíquica o física de una persona, poniendo en peligro su empleo o degradando el ambiente de trabajo. Desde nuestro abordaje el individuo acosador pasa a un segundo plano ya el protagonismo se adjudica a la  organización. Ésta se convierte entonces en  la  responsable del acoso y debe enfrentar  los costos emergentes de la judicialización del acoso, el desprestigio externo y el deterioro del ambiente interno consecuentes.El diseño de la investigación es exploratorio, descriptivo, no experimental. Se trabajó a partir de 49 entrevistas semiestructuradas  de personal de 49 organizaciones indagando sobre la percepción de estas personas sobre  las características organizacionales y la existencia de situaciones de acoso moral en el trabajo,  a partir de una muestra accesible en el marco de la estrategia de bola de nieve (un caso referencia a otros.

  4. IDENTIDADE ORGANIZACIONAL E SUAS INFLUÊNCIAS NA GESTÃO DE PESSOAS DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS

    OpenAIRE

    Denilson Aparecida Leite Freire

    2016-01-01

    O objetivo deste estudo foi analisar qual a relação que se estabelece entre a percepção do proprietário das MPEs e as práticas de gestão de pessoas adotadas nas micro e pequenas empresas (MPEs). Para análise da percepção foi utilizada o construto de Identidade Organizacional (IO), nas suas dimensões normativa (estratégia Soft) e utilitária (estratégia Hard). Para análise das estratégias de gestão de pessoas foi utilizado o construto Sistemas de Trabalho de Alto Envolvimento (STAE). Foi realiz...

  5. Cultura Organizacional na Perspectiva Cultural Regional BrasileiraOrganizational Culture under the Perspective of the Brazilian Regional CultureCultura Organizacional en la Perspectiva Cultural Regional Brasileña

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    MUZZIO, Henrique

    2010-12-01

    Full Text Available RESUMOEsse ensaio tem como objetivo analisar o contexto cultural brasileiro e a sua influência no universo organizacional a partir de uma perspectiva cultural regional que não se limite à visão funcionalista e avance por meio de conceitos contemporâneos como os fluxos culturais e os códigos culturais locais. Do ponto de vista internacional, os estudos comparativos que trabalham com a perspectiva de adaptação cultural já apresentam um volume significativo de pesquisas que enfatizam as distinções entre regiões ou nações. Mas, quando se trata dessa perspectiva dentro de países culturalmente diversos, parece ainda não haver no campo a mesma expressão. Em países em que é reconhecida a diversidade cultural, como o Brasil, análises que levem em conta as influências dessa variável podem contribuir para a eficiência das relações internas e externas da organização. Arguimos a necessidade das organizações contemplarem em suas ações o que chamamos de legitimidade cultural local, quando as organizações atuam em distintos contextos respeitando os valores e as práticas culturais locais. As diferentes culturas regionais encontradas no Brasil se refletem nos hábitos dos consumidores, no comportamento social e nas atitudes e desempenho das pessoas no trabalho, o que requer efetivamente diferentes e variadas práticas de gestão.ABSTRACTThis essay has the objective of analyzing the Brazilian cultural context and its influence on the organizations universe from a cultural regional perspective that goes beyond the functionalist paradigm and advances through contemporary concepts, like cultural flows and the local cultural codes. In an international perspective, in studies that consider the perspective of cultural adaptation, it is possible finding a significant volume of research that emphasizes the distinctions between regions or nations. On the other hand, when it these studies deal with this perspective inside each culturally

  6. organizaciones informativas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raúl M. Alas Alas

    2007-01-01

    Full Text Available En nuestros días es usual que nos refiramos a los diversos integrantes de las organizaciones informativas como sujetos poseedores de un enorme poder en el entramado político de la sociedad. Pero, ¿tienen éstos tal poder? ¿Acaso lo utilizan en el ejercicio de su labor profesional? O, por el contrario, ¿no será que éstos actúan como instrumentos dóciles de la autoridad dominante? En fin, ¿qué nivel de protagonismo político desempeñan estos elementos en nuestra sociedad contemporánea?

  7. Inovação Organizacional e Tecnológica na Fruticultura Orgânica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo César Stringheta

    2005-01-01

    Full Text Available A inovação organizacional e tecnológica é uma proposta conceitual que procura superar as vulnerabilidades dos modelos de pesquisa que não explicitam formas de interação com os segmentos sociais. As vulnerabilidades dos modelos tradicionais de pesquisa são analisadas. O modelo alternativo é elaborado, a sua implementação, os resultados e os obstáculos são apresentados, tendo-se como referência duas situações empíricas, ambas voltadas à sustentabilidade social e ambiental. Contrapõe-se a orientação pesquisa-tecnologia à pesquisa-intervenção social atrelada aos pressupostos científicos, em que há necessidade de redefinição dos papéis e das funções das instituições. Interdisciplinaridade, interinstitucionalidade, monitoria e valores agregados à produção complementam os fundamentos do modelo proposto.The organizacional and technological innovation model is a conceptual proposal that tries to overcome the research model vulnerabilities that does not show interaction forms with the social segments. These traditional model vulnerabilities are analyzed and the social segments are identified under two different empirical situations, considering the new patterns of values and behaviors related to the social and environmental sustentability. The orientation researchtechnology is opposed to the social research-intervention harnessed to the scientific principles. The new technological context is the way the instituitions and organizations act together at the local, regional and national levels.The additional issue is their role and functional redifinitions. Interactions effort among areas of knowledge are undertook, as well as interinterinstitutional actions, monitoring activities, and value added to the farm production complement the foundations of the proposed model.

  8. Psicologia organizacional e do trabalho - retrato da produção científica na última década

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Keli Cristina de Lara Campos

    Full Text Available As práticas de Psicologia organizacional e do trabalho (POT ocupam um importante espaço no contexto da profissão e justificam a necessidade de esforços investigativos para o conhecimento de seu estado atual. Assim sendo, investigou-se a produção científica nessa área, publicada em periódicos nacionais de 1998 a março de 2009, disponível nas bases de dados Scielo, Pepsic e Lilacs. As palavras-chave utilizadas na pesquisa inicial foram: Psicologia organizacional, Psicologia do trabalho e Psicologia no trabalho, tendo sido selecionados 619 artigos. Após leitura dos resumos, foram identificados 116 artigos que correspondiam à proposta e que foram analisados quanto ao periódico publicado, ao ano de publicação, ao número de autores, à temática e aos tipos de delineamento, estudo, análise e pesquisa. Entre os resultados obtidos, pode-se observar um aumento significativo no número de publicações anuais, sendo que a temática com o maior número de publicações foi trabalho e saúde. É possível afirmar também que a análise delineia o desenvolvimento de uma área e suas especificidades de estudos, ajudando a evidenciar a expansão e a qualidade da produção científica bem como novos campos para investigação.

  9. AS DIMENSÕES DO COMPROMETIMENTO ORGANIZACIONAL: AVALIANDO OS CASOS DOS GERENTES E VENDEDORES NA CIDADE DE BELO HORIZONTE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    CLAUDIO JOSE ALVES COSTA

    2007-05-01

    Full Text Available ResumoEm um ambiente bastante competitivo, possuir uma força de trabalho que esteja permanentemente comprometida com a organização, aliada a uma modernidade organizacional, é essencial para a sobrevivência das organizações atuais - porque as inovações tecnológicas se frustram ou perdem a sua força caso a organização não disponha de um patrimônio humano efetivamente comprometido com a empresa. Dentro deste contexto, as pesquisas sobre comprometimento organizacional têm se revelado pertinentes, sendo objeto de estudo para um grande número de administradores e pesquisadores. Portanto, com o objetivo de contribuir com o incremento do conhecimento sobre o construto comprometimento organizacional, esta pesquisa foi desenvolvida em duas empresas do setor varejista do comércio da cidade de Belo Horizonte. Quanto aos métodos de pesquisa este estudo caracteriza-se como quantitativo e descritivo. Valendo-se de um modelo teórico – Modelo das Três Dimensões de Meyer e Allen (1997 - testado e validado no Brasil, foram pesquisados os graus e tipos de comprometimento dos vendedores e gerentes com a organização. Os resultados encontrados, em ambas as redes de lojas, indicaram um grau moderado de comprometimento – afetivo, normativo, instrumental. Por fim, apresentaram-se as implicações acadêmicas e práticas, bem como as limitações deste estudo e recomendações para futuras pesquisas. ABSTRACT In a very competitive atmosphere, to have a labor force wiling to be permanently committed with the enterprise, allied to an organizational modernity, is absolutely necessary to the present companies’ survival – because the technologic innovations become frustrated or lose its power in case of the organization doesn’t have a human patrimony really committed with the institution. In this context, the searches about organizational compromising have been indicated as appropriate, it’s being focus to a vast number of businessman and

  10. A (pósmodernidade e suas implicações na governança das empresas a partir das perspectivas genealógicas de Nietzsche e Foucault

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sílvio Parodi Oliveira Camilo

    2015-10-01

    Full Text Available Este ensaio teórico discute perspectivas epistemológicas alusivas ao modernismo e pós-modernismo e suas implicações na análise organizacional, apresentando algumas idéias precursoras de Nietzsche e Foucault que embasaram desconstruções da racionalidade teórica a partir da constatação de relações de força entre saber e poder que resultam na produção de verdades. Partimos da premissa de que ambos os autores não apenas propuseram certa desestabilização do pensamento dominante da modernidade, como também mostraram como foi possível o desenvolvimento de certa racionalidade amparada na fundação da verdade. Nietzsche é apontado como a principal referência dessa perspectiva genealógica, tendo Foucault, Deleuze, Guattari dentre outros, como autores que deram continuidade a sua perspectiva. Sendo assim, esse trabalho tem o objetivo de retomar a análise da subjetividade organizacional, aproximando os debates epistemológicos ao campo das organizações, discutindo as influências pós-modernas no ambiente organizacional, sob a ótica da governança das corporações. Assim, o estudo inicialmente apresenta as ideias da modernidade, desenvolvendo, a partir de Nietzsche e Foucault, uma ruptura de paradigma que aborda a pós-modernidade nos estudos organizacionais, tratando da globalização no contexto organizacional e, finalmente, analisando as implicações dessas perspectivas na governança das empresas.

  11. IDENTIDADE ORGANIZACIONAL E SUAS INFLUÊNCIAS NA GESTÃO DE PESSOAS DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Denilson Aparecida Leite Freire

    2016-01-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi analisar qual a relação que se estabelece entre a percepção do proprietário das MPEs e as práticas de gestão de pessoas adotadas nas micro e pequenas empresas (MPEs. Para análise da percepção foi utilizada o construto de Identidade Organizacional (IO, nas suas dimensões normativa (estratégia Soft e utilitária (estratégia Hard. Para análise das estratégias de gestão de pessoas foi utilizado o construto Sistemas de Trabalho de Alto Envolvimento (STAE. Foi realizada uma Survey, obtendo-se 109 respostas válidas. Os resultados demonstraram que há correlação positiva entre a percepção de identidade normativa e o nível de envolvimento dos colaboradores (STAE; e correlação negativa entre o caráter utilitarista de IO com o nível de envolvimento dos colaboradores. Esses resultados demonstram que práticas de gestão que buscam a participação dos colaboradores podem levar a maior nivel de envolvimentos destes com a organização. Revelou, ainda, que o alto nível de STAE ocorreu predominante no gênero masculino, entre os que tinham mais de 40 anos, nos com nível de graduação e nos setores de comércio e Serviço, principalmente naqueles que ocupam a posição de sócios.

  12. Análise do desenvolvimento de competências gerenciais na construção civil através do modelo da Aprendizagem Baseada em Problemas adaptado ao contexto organizacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vitor William Batista Martins

    Full Text Available As mudanças no cenário da engenharia civil e consequentemente da gestão da produção das obras exigem um engenheiro com perfil diferente, resultando na necessidade novas competências, relacionadas a inovação, foco no cliente, planejamento e controle, sistemas de gestão da qualidade, sustentabilidade e uma visão humanista. O objetivo principal deste artigo é identificar as competências desenvolvidas em uma empresa construtora com o processo de implantação da Aprendizagem Baseada em Problemas adaptado ao contexto organizacional. A estratégia de pesquisa adotada foi a pesquisa-ação, na qual a equipe de pesquisa atua com profissionais para melhorar a forma como estes entendem e resolvem problemas. Os resultados alcançados envolveram o desenvolvimento de competências relacionadas ao contexto organizacional, à aprendizagem individual, coletiva e organizacional, apontando problemas e possíveis soluções de gestão na empresa. Através do desenvolvimento de competências gerenciais, foi estimulada uma visão humanística, sustentável, com foco no cliente, além de um melhor sistema de gestão da qualidade. Identificaram-se problemas no sistema de gestão organizacional, ficando evidente a necessidade da criação de um ambiente propício para troca de informações entre diferentes setores da empresa.

  13. Percepção de justiça organizacional na avaliação de desempenho de controllers - doi: 10.4025/enfoque.v31i3.16863

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ilse Maria Beuren

    2012-12-01

    Full Text Available O estudo objetiva verificar a percepção de justiça organizacional na avaliação de desempenho dos controllers de empresas que adotam sistemas de remuneração variável. Pesquisa descritiva foi realizada por meio de levantamento, com assertivas extraídas da pesquisa de Sotomayor (2006, para investigar as percepções de justiça distributiva, processual, interpessoal e informacional. O questionário foi enviado aos controllers de 108 empresas das regiões Sul e Sudeste do Brasil que constam entre as 150 melhores empresas para se trabalhar na Revista Você S/A, e houve retorno de 26 questionários respondidos. Os resultados evidenciam que os controllers respondentes da pesquisa apresentam elevada percepção de justiça na avaliação de desempenho, sendo que na escala de 1 a 7, as médias ponderadas das assertivas de cada perspectiva oscilaram entre 6,30 e 6,54. O destaque foi para a percepção de justiça interpessoal, seguida da processual, distributiva e informacional. Conclui-se que é elevada a percepção de justiça organizacional na avaliação de desempenho dos controllers das empresas pesquisadas, nas quatro perspectivas. As assertivas com escores baixos devem merecer atenção, visto que a percepção de justiça organizacional pode moldar o comportamento dos indivíduos e se refletir no alcance das metas do sistema de remuneração variável e nos resultados da empresa.

  14. ANÁLISE DE MODELOS DE VALOR DE CLIENTE POR TODA A VIDA E INFLUÊNCIAS NA RENTABILIDADE ORGANIZACIONAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Antônio Antunes Teixeira

    2007-04-01

    Full Text Available Esse trabalho objetiva descrever práticas de gestão de um portfolio de clientes, relacionando-as com os pressupostos do modelo valor do cliente (customer equity orientado para retenção e rentabilidade. A partir do conceito fundamental sobre valor de clientes, o trabalho apresenta análise da viabilidade da aplicação de alguns modelos. O conceito foi operacionalizado tendo, como base, a classificação dos clientes por lucratividade e mensuração do valor do cliente de acordo com os modelos propostos por Rust, Blattberg e Gupta (2005, identificando ações relacionadas às políticas de retenção, manutenção e aquisição de clientes na empresa analisada. Observou-se que a baixa retenção dos clientes nos grupos, era devida, em parte, a esta grande mobilidade dos clientes entre os grupos de margem de contribuição bruta. O estudo foi realizado em um portfólio de clientes de uma empresa industrial multinacional de grande porte, do setor industrial, na perspectiva de estudo de caso quantitativo. Pelos elementos apresentados foi possível definir recomendações que minimizem a volatilidade de clientes, bem como identificar aqueles com maior potencial em termos de margem de contribuição e definir estratégias que facilite a maximização do valor do cliente.

  15. Atores sociais e campo organizacional: estratégias discursivas e de mobilização de recursos na construção do complexo avícola na cooperativa agroindustrial copagril.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Josué Alexandre Sander

    2013-08-01

    Full Text Available O artigo tem o objetivo de analisar como os atores sociais utilizaram estratégias discursivas e mobilizaram recursos no processo de adoção de uma estratégia de diversificação, já que esta estava presente no campo organizacional. São utilizados como base teórica os pressupostos da teoria institucional, especialmente os temas que analisam a agência e a mudança como o empreendedorismo institucional. Também é descrito o processo de circulação da ideia pelo campo organizacional, destacando o papel dos condutores e das organizações de referência. Para compreender como ocorre esse processo, foi realizado um estudo empírico, com abordagem qualitativa. A estratégia utilizada foi o estudo de caso da construção do complexo avícola da Cooperativa Agroindustrial Copagril. O trabalho, baseado nos estudo de empreendedorismo institucional, agrupa as ações desempenhadas pelos atores em duas categorias: mobilização de recursos (de ordem financeira e social e o uso do discurso. A análise demonstra que os atores sociais atuaram ativamente em um processo de mudança convergente, sendo fundamentais para identificar a ideia, mobilizar recursos e construir raciocínios para apoiar a ideia apresentada. Também é relatada a importância da construção de significados, que serão compartilhados pelos atores sociais, para apoiar a estratégia adotada pela organização. O processo de construção dos significados foi auxiliado pela existência de organizações no campo que adotavam a ideia e que foram utilizadas como referência. A análise também destacou a importância dos sistemas relacionais como condutores da ideia até a organização e a influência das organizações de referências no processo de identificação da ideia. A originalidade da pesquisa está presente na análise do papel dos indivíduos no processo de adoção de uma ideia presente no campo organizacional, diferenciando-se dos estudos de empreendedorismo institucional

  16. Qualidade da informação e intuição na tomada de decisão organizacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sueli Angélica do Amaral

    Full Text Available Discute a relação entre tomada de decisão no ambiente organizacional e qualidade da informação, considerando a intuição dos decisores. Por meio de questionários distribuídos pessoalmente, foram pesquisados 100 profissionais para saber os atributos da informação considerados relevantes para a tomada de decisão organizacional. Observou-se que a quantidade de subordinados vinculados direta ou indiretamente aos profissionais pesquisados influenciava a importância dada à intuição no processo de tomada de decisão organizacional e influenciava, também, os atributos que determinavam se a informação tinha ou não qualidade.

  17. Estratégia organizacional e empreendedorismo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Nicolas Albuja Salazar

    2006-12-01

    Full Text Available O empreendedorismo vincula-se à criação da idéia inovadora de negócio que cause impacto dentro do ambiente organizacional, no qual ela for inserida. Essa idéia empreendedora deve estar baseada em uma forte racionalidade pelo que há necessidade da existência de um processo que chamamos de "pensamento estratégico. A idéia empreendedora é um ponto de partida para o desenvolvimento do pensamento estratégico, mas que permanece durante todo o processo cíclico do planejamento estratégico ao longo da estruturação da idéia do negócio, seja este com ou sem fins lucrativos. O importante é que quanto mais bem depurada for a idéia, maior será o enlace entre oferta-demanda ou demanda-oferta, a criatividade é tratada pelas teorias causal e de efetuação. Pela primeira, há predeterminação dos objetivos, enquanto que, pela segunda, são contingentes, o que permite o estabelecimento de limites à estratégia, levando em conta as restrições dos ambientes dinâmicos e interativos. Sendo o pensamento estratégico um processo de análise que foca as necessidades e o ambiente no qual elas se apresentam, o redesenho organizacional é adequado, e, para transformar a idéia inovadora em uma bem estruturada estratégia, sugere-se executar a etapa do entendimento, usando o compasso do processo para visualizar a estrutura organizacional customizada à estratégia.

  18. Mercados e racionalidades: a perspectiva de Alberto Guerreiro Ramos e Cornelius Castoriadis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manoel Fernandes Nery

    Full Text Available Mercados e racionalidades são duas categorias das Ciências Sociais bastante discutidas na academia. Considera-se Max Weber um dos pioneiros no estudo da categoria racionalidades, da qual teria se originado grande parte das interpretações dominantes nas Ciências Sociais, em particular da Sociologia. Os autores que descrevem o mercado enfatizam diferentes aspectos, e os relatos sobre seu aparecimento histórico são também divergentes. Não existe, portanto, nas Ciências Sociais, uma interpretação única sobre as funções e a historicidade do mercado, bem como não há unanimidade em relação às formas de racionalidades dominantes. Este ensaio teórico traz a perspectiva de dois autores sobre mercados e racionalidades, sem a intenção de absolutizar seu pensamento ou limitar suas contribuições aos temas. Ramos (1981 concebe a razão como uma força inerente ao indivíduo, a qual denomina razão substantiva, assinalando que, com Thomas Hobbes, a razão configura um cálculo utilitário de consequências. Adicionalmente, Ramos (1981 vê o mercado como uma ameaça à liberdade e autonomia dos indivíduos. Para Castoriadis (1992b, 1996, 1999b, a razão está presente em um coletivo social anônimo, sendo homem e sociedade inseparáveis do contexto sócio-histórico. Já o mercado, bem ou mal, funciona, apesar da manipulação dos consumidores e da violência contra os trabalhadores. Em comum, os autores defendem a liberdade e a autonomia dos indivíduos. Conclui-se o ensaio corroborando a visão de Alves (2007, pois as elucidações apresentadas ao longo do texto indicam que as divergências não estão nas teorias e nos métodos, mas na natureza do objeto estudado.

  19. Razoabilidade e racionalidade a partir da obra "O liberalismo político" de John Rawls

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edegar Fronza Junior

    2017-07-01

    Full Text Available O presente paper tem como objetivo principal apresentar e discutir os conceitos de razoabilidade e racionalidade a partir da obra O Liberalismo Político, de John Rawls. Para tanto faz uma análise sistemática, levando em consideração alguns elementos fundamentais de sua teoria política. Partindo do fato do pluralismo presente na sociedade contemporânea, Rawls busca responder a necessidade da estabilidade das instituições democráticas diante das divergências presentes nesse contexto multifacetado. Na perspectiva rawlsiana a permanência do sistema depende do consenso social acerca de determinadas questões (overlaping consensus entre cidadãos livres e iguais. É nessa perspectiva que os conceitos de razoabilidade e racionalidade ganham destaque tendo em vista a autonomia desses cidadãos que através da razão prática buscam justificar publicamente suas argumentações e formulações nos diferentes contextos.

  20. ACERCA DE LA SUSTENTABILIDAD Y LA RACIONALIDAD AMBIENTAL: EL DIÁLOGO COMO FUENTE DE CAMBIO EN LA ACCIÓN EMPRESARIAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    MARTA ELIANA GÓMEZ SANTRICH

    2012-01-01

    Full Text Available En este documento se presenta una reflexión teórica sobre el discurso de la sostenibilidad fundamentado en la racionalidad económica. Dada la problemática ambiental esta visión no solo es limitada sino que agrava la situación, es por eso que analizamos dos conceptos que se contraponen a este discurso, la sustentabilidad como discurso que considera lo cultural, lo político, lo social y lo económico; y la racionalidad ambiental, como base para constituir un nuevo pensamiento promotor del cambio en la acción empresarial fruto de la comunión entre individuos. El concepto de cambio organizacional se estudia como eje articulador entre la sustentabilidad y la racionalidad ambiental. Las reflexiones de las que se ocupa este artículo se inscriben en el enfoque cualitativo, en cuanto a los medios empleados, se utilizó la revisión documental, a través de la cual se identificaron las fuentes escritas que abordaban las perspectivas teóricas y conceptos articuladores de este documento.

  1. Economía y racionalidad de las organizaciones. Los aportes de Herbert A. Simon .

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Estrada.

    2008-12-01

    Full Text Available This article evaluates Herbert A. Simon’s contribution to organization theory, placing special emphasis on the idea of bounded rationality. It interprets Simon’s criticism of the orthodox version of organizational bureaucracy and extends his analysis to the institutional economics. One of Simon’s main achievements in organizational theory was analytically evaluating individual and collective behavior, clearing the way for the future studies of D. Kahneman and T. Schelling.

  2. Clima e cultura organizacional: implicações na gestão democrática no contexto da escola pública

    OpenAIRE

    Silva, Maria José de Ribamar Nascimento

    2014-01-01

    Dissertação de Mestrado em Gestão O Clima e a Cultura Organizacional fazem parte do contexto de qualquer organização escolar, sendo afetados pelo tipo de gestão realizada. A presente dissertação objetiva analisar as implicações da gestão democrática para o clima e a cultura organizacional no contexto da escola pública. Especificamente, intenciona: a) verificar as possibilidades de construção da gestão democrática no contexto da escola pública; b) analisar a relação entre ...

  3. Ciclos clássicos num ambiente de racionalidade limitada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jaylson Jair da Silveira

    2003-12-01

    Full Text Available O presente trabalho toma como ponto de partida o modelo macrodinâmico de Richard M. Goodwin, apresentado no clássico artigo “A Growth Cycle” (1967. Neste modelo a interação entre distribuição de renda e acumulação de capital gera um ciclo de crescimento que oscila em torno de uma trajetória de crescimento equilibrado. O objetivo do presente trabalho é investigar a possibilidade de existência de ciclos goodwinianos com heterogeneidade de salários e de taxas de lucro. Essa análise é realizada considerando o processo de concorrência entre trabalhadores num ambiente de racionalidade limitada. Para formalizar o processo de concorrência entre trabalhadores foram utilizados dois recursos: (i a “alegoria das ilhas”, que tem sido amplamente adotada na macroeconomia moderna, a fim de apreender situações de informação imperfeita; e (ii os instrumentos analíticos desenvolvidos pela teoria dos jogos evolucionários aplicada a ambientes sociais. O modelo construído combina o modelo de Goodwin com uma formalização estilizada do fluxo de trabalho como um processo de imitação num ambiente de racionalidade limitada (dinâmica de replicação num contexto social. Neste modelo demonstra-se a possibilidade de o sistema econômico não convergir para um estado de equilíbrio de longo prazo e a possibilidade do sistema econômico convergir para um ciclo goodwiniano caracterizado por heterogeneidade de salários e de taxas de lucro.This paper starts from the macrodynamical model developed by Richard M. Goodwin, which was first shown in the seminal paper “A Growth Cycle” (Goodwin, 1967. In this model it was described an interaction between income-distribution and capital accumulation that generates a growth cycle swinging along a balanced growth path. The objective of this work is to investigate the possibility of existence of goodwinian cycles with heterogeneity in wage and in profit rates. This task is carried out considering the

  4. Os efeitos da estrutura organizacional no processo de aprendizagem organizacional

    OpenAIRE

    Moraes Júnior, Macário

    2001-01-01

    Este trabalho tem como objetivo analisar os efeitos da estrutura organizacional nos processos de aprendizagem organizacional, considerando o contexto ambiental que circunscreve esta relação e os aspectos moderadores de facilitadores e bloqueadores dos processos de aprendizagem organizacional. A unidade de análise é a organização. O estudo descreve a relação dos dois construtos de pesquisa (estrutura organizacional e processos de aprendizagem organizacional), utilizando uma meto...

  5. Ética organizacional aplicada. Estudo de caso de uma organização de serviços sociais na Espanha

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carla Cubillos-Vega

    2018-01-01

    Full Text Available Estudiar la ética organizacional de una organización de servicios sociales es de suma importancia, dado el cometido público de este tipo de entidades con la sociedad. Dicho estudio se puede realizar analizando la estructura y el comportamiento de la organización con base en la cultura ética organizacional, donde convergen distintos valores: individuales, profesionales y de la entidad. Este artículo tiene por objetivo presentar un estudio de caso en el que se analiza la ética de una organización privada de servicios sociales española, identificando su modelo de gestión ética. Para ello, se utilizó el método cualitativo de observación participante y entrevistas en profundidad. Se explora algunos elementos que articulan el estudio de la cultura ética organizacional, así como de la ética aplicada a la intervención social; además, se identificaron los valores implícitos y explícitos compartidos, que operan transversalmente en dicha organización y el modo en que estos inciden en su actividad.

  6. Influência da estrutura organizacional-administrativa das instituições de ensino superior no desenvolvimento de competências docentes para atuação na EAD

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Roda de Souza Araújo Cassundé

    2016-05-01

    Full Text Available A performance dos indivíduos que atuam na educação a distância é influenciada por diversos fatores, porém a dimensão organizacional-administrativa da instituição de ensino se constitui um elemento fundamental para o desenvolvimento das competências eletrônicas docentes, haja vista que tanto deve reforçar as habilidades quanto promover a conquista de novas aptidões que lhes permitam conhecer e julgar por que, quando e como utilizar as TICs na EAD. Partindo dessa premissa, esse estudo procura responder a seguinte pergunta: Como o desenvolvimento das competências eletrônicas dos professores do ensino superior se relacionam com a dimensão organizacional-administrativa das instituições de ensino superior? Para tanto, foi realizado um qualitativo interpretativo básico. Foi escolhido como lócus a Universidade Federal do Vale do São Francisco e, como unidade de análise, o curso de especialização em Gestão Pública vinculado ao Programa Nacional de Administração Pública (PNAP. A coleta de dados foi realizada mediante pesquisa documental e entrevistas com roteiro semiestruturado. Os resultados da pesquisa mostram claramente que vários fatores dessa dimensão são importantes para o desenvolvimento das competências eletrônicas docentes e que questões políticas institucionais precisam ser superadas e a periodicidade do treinamento precisa existir para que a EAD possa se firmar na instituição.

  7. A racionalidade econômica - abordagem histórica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diva Benevides Pinho

    1976-09-01

    Full Text Available (primeiro parágrafo do texto Os estudos de comportamento econômico estão ligados, de modo geral, tanto à análise da racionalidade intencional, buscada pelos agentes econômicos, para atingir os fins a que se propõem, como à análise da racionalidade não-intencional dos diferentes sistemas econômicos, na medida em que estes procuram assegurar o aumento dos meios de produção, a elevação do padrão de vida da população, etc. Neste sentido, pode-se dizer que a análise do comportamento econômico está relacionada com a confrontação, quer de sistemas econômicos diferentes, quer das doutrinas e teorias que tentam explicar seus respectivos mecanismos de ação e suas possibilidades de atingir os objetivos visados.

  8. Racionalidades leigas e governação da Saúde Mental em Portugal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fátima Alves

    2017-07-01

    Full Text Available O artigo reafirma a importância das racionalidades leigas produzidas em Saúde Mental como expressões válidas de saber, com especial atenção aos aspectos éticos relacionados aos usos sociais dos conhecimentos gerados. Defende-se a ideia de que devem servir à criação de estratégias inovadoras que respondam efetivamente às necessidades das pessoas e como contrapoderes às lógicas hegemônicas. O contexto da governação da Saúde Mental em Portugal e as características estruturais da sociedade portuguesa refletem-se nos serviços efetivamente implementados e na percepção dos usuários a respeito da sua condição. A valorização das racionalidades leigas em um cenário hegemonicamente tecnicista e biomédico possibilita reafirmar a diversidade como condição humana. Nessa direção, insere-se como fundamento para a abordagem em realidades complexas e plurais como a Saúde Mental, incorporando a dimensão cultural às ações desenvolvidas.

  9. O papel da cultura e justiça organizacionais no empenhamento organizacional

    OpenAIRE

    Saraiva, Sílvia Isabel Vicente

    2012-01-01

    Dissertação de mest., Psicologia Social e das Organizações, Faculdade de Ciências Humanas e Sociais, Univ. do Algarve, 2012 Este estudo pretende analisar o impacto da cultura organizacional e das perceções de justiça organizacional no empenhamento organizacional. Simultaneamente é nosso objetivo analisar se a influência da cultura organizacional sobre o empenhamento aumenta na presença da justiça organizacional. Com este intuito, recorrendo a uma metodologia de base quantitativ...

  10. Aprendizagem e cultura organizacional na sa?de da fam?lia: an?lise e reflex?es em uma unidade docente-assistencial.

    OpenAIRE

    Moreira, Josicleide de Amorim Pereira

    2013-01-01

    A Estrat?gia Sa?de da Fam?lia enfrenta hoje o grande desafio de superar um modelo de aten??o biologicista, e consolidar-se como espa?o de cuidado integral, de inova??o, e de aprendizagem cont?nua. Reconhecer as diferentes subculturas nas organiza??es e potencializar a aprendizagem individual e coletiva ? essencial em espa?os como este. Nesta pesquisa estudamos a Aprendizagem e a Cultura Organizacional em uma unidade docente-assistencial, campo de pr?tica para alguns cursos de gradua??o...

  11. Staff Organization in Nuclear Power Stations; Organisation du personnel des centrales nucleaires; Organizatsiya personala na atomnykh ehlektrostantsiyakh; Organizacion del personal de las centrales nucleares

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Scuricini, G. B. [Comitato Nazionale Energia Nucleare, Roma (Italy)

    1963-10-15

    This paper deals with the organization of operating and maintenance staff at nuclear power stations in Italy and manpower variations, either because the plants themselves differ or are organized in some special way. Staff doing jobs for which a specific training is required are given special consideration in the paper. (author) [French] Dans le memoire, on examine l'organisation du personnel d'exploitation et d'entretien des centrales nucleaires italiennes et les differences existant dans les effectifs, differences dues soit aux caracteristiques des centrales memes, soit aux particularites d'organisation des entreprises. Le personnel charge de fonctions determinees pour lesquelles un entrainement special est requis, fait l'objet d'une attention particuliere. (author) [Spanish] En la memoria se examina la organizacion del personal de explotacion y conservacion de las centrales nucleares italianas y las diferencias que existen entre sus efectivos, diferencias que se deben a las caracteristicas de las mismas centrales o a las particularidades de organizacion de las empresas. El autor dedica especial atencion al personal encargado de funciones que requieren una formacion profesional especial. (author) [Russian] Issleduyutsya voprosy organizatsii personala, zanimayushchegosya ehkspluatatsiej ital'yanskikh atomnykh ehlektrostantsij i ukhodom za nimi, a takkhe razlichiya v sostave personala, vytekayushchie libo iz kharakternykh osobennostej samikh stantsij, libo iz osobennostej organizatsii predpriyatij. Osoboe vnimanie udelyaetsya personalu, kotoromu porucheny opredelennye funktsii, trebuyushchie spetsial'noj pod go tovki. (author)

  12. Racionalidad, emociones y felicidad: vínculos posibles

    OpenAIRE

    Maceri, Sandra Beatriz

    2011-01-01

    Este trabajo se enmarca en la temática principal acerca de los conceptos clásicos de racionalidad, emociones y felicidad así como de una revisión actual de ellos. El objetivo central es, pues, analizar las tres nociones. Para ello, la metodología será el análisis conceptual de los textos pertinentes referidos en la bibliografía. La conclusión se centrará en que hay un doble vínculo científico, psicológico-neurológico y económico viable entre las nociones de racionalidad, las emocione...

  13. Esquecimento organizacional e suas consequências no processo de aprendizagem organizacional Organizational forgetting and its consequences for the process of organizational learning

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lourdes de Costa Remor

    2010-06-01

    Full Text Available Este artigo apresenta uma revisão da literatura sobre o tema "esquecimento organizacional" e suas consequências no processo de aprendizagem organizacional. O objetivo da revisão é mostrar a importância atribuída ao esquecimento organizacional, considerando que acreditamos que ele interfere no processo da aprendizagem. Na literatura, percebe-se haver grande interesse na aprendizagem como um diferencial competitivo na busca por resultados. Por outro lado, parecem ser subvalorizados o esquecimento organizacional e seus desdobramentos nos processos de aprendizagem organizacional.This article presents a review of the literature on organizational forgetting and its consequences for the process of organizational learning, so as to assess the importance attributed to organizational forgetting, considering that it interferes in the learning process. The literature reviewed showed great interest in learning as a competitive differential. On the other hand, organizational forgetting and its developments are underestimated in the processes of organizational learning.

  14. A PRODUÇÃO CIENTÍFICA BRASILEIRA SOBRE A TEORIA E A PRÁXIS DO PSICÓLOGO ORGANIZACIONAL E DO TRABALHO NA VIRADA DO SÉCULO XXI

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sofia Urt

    2016-12-01

    Full Text Available O presente artigo trata-se de pesquisa teórica a respeito das contribuições da Psicologia às organizações de trabalho e da atuação do psicólogo organizacional e do trabalho, em publicações ocorridas na virada do século XXI. O objetivo geral foi conhecer a produção científica brasileira da Psicologia voltada às organizações de trabalho, em seus aspectos teóricos e pragmáticos, no período compreendido entre os anos finais do século XX e anos iniciais do século XXI. Para a sua consecução, primeiramente, foram pesquisados textos relacionados à temática da Psicologia Organizacional e do Trabalho, em bases de dados de publicações científicas. Foram encontrados 114 textos, dentre livros, artigos, teses, dissertações e monografias de graduação e pós-graduação. Dentre esses textos, foi realizado um levantamento de publicações compreendidas entre 1997 e 2010 sobre o que vem sendo posto como teoria para subsidiar as práticas do psicólogo organizacional e do trabalho, assim como sobre as pesquisas realizadas na área da Psicologia Organizacional e do Trabalho (POT. Os resultados obtidos revelam que os textos que tratam da práxis da Psicologia nas organizações mostram que se mantêm práticas tradicionais, quando do seu surgimento entre os séculos XIX e XX, contrapondo a teoria e publicações que direcionam o fazer da Psicologia para atender às novas demandas das organizações, advindas da globalização.   The present article is treated of theoretical research regarding the contributions of the Psychology to the work organizations and of the work and organizational psychologist's performance, in publications happened in the turning of the twenty first century. The general objective was to know the Brazilian scientific output of the Psychology focused to the work organizations, in their theoretical and pragmatic aspects, in the period understood among the late years of the twentieth century and early years of

  15. Ciclo de vida organizacional pautado no modelo de Lester, Parnell e Carraher (2003 e na lógica fuzzy: classificação de empresas de um segmento industrial de Santa Catarina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ilse Maria Beuren

    2012-06-01

    Full Text Available Neste estudo, objetiva-se identificar os estágios do ciclo de vida organizacional pautados no modelo de Lester, Parnell e Carraher (2003 das empresas do segmento industrial de máquinas, aparelhos e materiais elétricos do estado de Santa Catarina. Pesquisa descritiva, com abordagem quantitativa, foi realizada por meio de levantamento com aplicação de questionário aos gestores das empresas. A população constituiu-se das 264 empresas desse segmento econômico, listadas na Secretaria da Fazenda do Estado de Santa Catarina, e a amostra não aleatória das 40 empresas que responderam a pesquisa. As variáveis de identificação dos estágios de ciclo de vida utilizadas no questionário foram extraídas de Lester, Parnell e Carraher (2003. Os dados da pesquisa foram submetidos à técnica estatística denominada lógica fuzzy. Os resultados da pesquisa demonstraram que 57,5% das empresas foram classificadas no estágio do nascimento, 15% do, 7,5% da Maturidade, 10% do rejuvenescimento e 10% do declínio. Concluiu-se que determinados estágios do ciclo de vida organizacional estão próximos uns dos outros e que não se pode perceber claramente uma progressão determinista nas fases do ciclo de vida, como uma sequência única, definitiva e irreversível, no sentido tradicional biológico.

  16. AS METODOLOGIAS DE REMUNERAÇÃO VARIÁVEL ADOTADAS PELAS EMPRESAS BRASILEIRAS E SUA INFLUÊNCIA NA MUDANÇA ORGANIZACIONAL [doi: 10.5329/RECADM.20040301004

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Alice Vilas Boas

    2004-05-01

    Full Text Available Normal 0 21 false false false PT-BR X-NONE X-NONE MicrosoftInternetExplorer4 RESUMO Este trabalho foi realizado partindo do pressuposto que os salários e benefícios praticados nas organizações podem influenciar significativamente o desempenho e/ou os resultados empresariais até então apresentados pelas empresas; o que é de extrema importância para empresas que vivenciam um momento de mudança organizacional. Neste contexto, esta pesquisa teve como objetivo principal revisar as metodologias de remuneração de pessoal e, realizar uma análise comparativa das práticas adotadas pelas empresas no Brasil e da sua influência na mudança organizacional. Esta pesquisa teórica e prática foi implementada através da revisão bibliográfica e da pesquisa de campo. Devido ao nível de complexidade do tema em questão foi utilizada a pesquisa exploratória, para melhor verificar como a remuneração influencia no processo de mudança organizacional. Com base em quatro estudos de caso que foram desenvolvidos a partir de uma análise de conteúdo documental e da análise de questionários, observou-se que a remuneração variável é bastante utilizada como complemento do salário base. O resultado deste trabalho leva-nos a conclusão de que as metodologias de remuneração praticadas pelas empresas analisadas neste estudo foram capazes de influenciar positivamente seus resultados, auxiliando a implementação da mudança organizacional. Palavras-chave: Salário, motivação, resultados, estratégia.     ABSTRACT The aim of this paper is to look into the remuneration methodologies for the working people and, to perform a comparative analysis of the practices adopted by companies in Brazil and their interaction with the organizational change. The exploratory research was adopted to verify how the payment system affects the process of organizational change. Based on four case studies that were developed starting from an analysis of document

  17. Lazer e teoria organizacional

    OpenAIRE

    Najberg, Estela

    2010-01-01

    A impossibilidade de se viver o lazer, ou seja, a busca de bem-estar, satisfação e prazer, a possibiblidade de auto-realização e auto-estima, nas organizações, cuja prática é legitimada por uma teoria organizacional de caráter ideológico

  18. O impacto do macro-ambiente na estrutura organizacional de bibliotecas universitárias The macro-environmental impact on the organizational structure of the university libraries

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silas Marques de Oliveira

    2003-06-01

    Full Text Available O objetivo do trabalho é provocar reflexão em torno de aspectos críticos para o gerenciamento eficaz de bibliotecas universitárias sob o ponto de vista organizacional. A discussão se baseia no tripé que alicerça uma organização, ou seja, pessoas, estrutura e tecnologia. Apresenta e discorre sobre os fatores que determinam e/ou influenciam a estrutura da biblioteca universitária, enfatizando o papel que desempenha em seu gerenciamento.The main aim of this paper is to start reflection around critical aspects for the effective management of university libraries from the organizational point of view. The discussion is based on the tripod that serves as the organizational foundation, that is, people, structure, and technology. It presents factors that determine and/or influence the organizational structure of the university library, emphasizing the role that it plays in its efficient management.

  19. Republicanismo, liberalismo e racionalidade Republicanism, liberalism, and rationality

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcus André Melo

    2002-01-01

    Full Text Available Discute-se o conceito de racionalidade presente em três vertentes da teoria democrática contemporânea: republicanismo, liberalismo e escolha racional. A análise concentra-se no republicanismo, para examinar seus microfundamentos e estabelecer por contraste suas diferenças com as demais.The concepts of rationality found in three branches of contemporary democratic theory - republicanism, liberalism, and rational choice - are discussed. The analysis focuses on republicanism, in order to examine its micro-foundations and to establish by contrast its differences with the others.

  20. El control de racionalidad en el gasto público

    OpenAIRE

    Pérez Bernabeu, Begoña

    2015-01-01

    A pesar de que en la actualidad, el control financiero al que se somete la actuación de la Administración ha incorporado técnicas tendentes a evaluar el uso racional del gasto público, los órganos tradicionales de control del gasto público permanecen generalmente muy apegados a un modelo limitado al control económico-financiero y de legalidad de las cuentas públicas que encuentra serios problemas para examinar el cumplimiento del principio de racionalidad. Este trabajo profundiza en el estudi...

  1. Empreendedorismo e racionalidade pedagógica moderna: imbricações = Entrepreneurialism and modern pedagogical rationality: imbrications = Empreendedorismo y racionalidad pedagógica moderna: imbricaciones

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Calixto, Claudia Ribeiro

    2015-01-01

    Full Text Available Com vistas a uma análise crítica das proposições de uma pedagogia dita empreendedora, o presente artigo tenciona trazer à baila o papel da racionalidade pedagógica moderna na constituição de determinadas formas de governo de si e dos outros, segundo as quais o indivíduo converte-se em capital de si mesmo, e sua própria vida, em ocasião de investimentos formativos ininterruptos. Elegendo Michel Foucault como interlocutor teórico principal, o estudo investiga algumas modulações do poder pastoral e da governamentalidade operadas em textoschave de Pestalozzi, Froebel, Herbart e, em especial, em Os anos de aprendizado, de Wilhelm Meister, romance de formação de Goethe. As reflexões assinalam o fato de que a modernidade pedagógica, em confluência aos preceitos do pietismo, forja um nexo indissociável entre querer, obedecer e empreender, convertendo-se em matriz de certos modos de veridicção/subjetivação correntes

  2. Superlotação das prisões brasileiras: Operador político da racionalidade contemporânea

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flavio Medeiros Rangel

    Full Text Available Resumo O presente artigo teve por objetivo analisar a racionalidade política que rege o sistema prisional brasileiro na atualidade. Para isso, tomou-se como objeto de pesquisa os relatórios de inspeções realizadas em estabelecimentos penais brasileiros pelo Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária (CNPCP nos anos de 2011 e 2012. A análise da superlotação da população encarcerada possibilitou inferir a lógica não somente limitada às prisões, mas expandida por todo o corpo social, direcionada principalmente àqueles à margem da produção e do consumo e, por isso, a prisão tal como se observou, funciona como efeito que conserva a função de reprodução desta racionalidade.

  3. Las organizaciones complejas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Julio Mario Rodríguez Devis

    2002-05-01

    Full Text Available El aproximarse a las organizaciones con la visión de la complejidad permite observar sus múltiples interrelaciones, la relación orden-desorden-relaciones-retroacciones que se desarrollan en su interior, la íntima influencia bi-direccional entre el entorno y la organización, la emergencia y la autoorganizacion, la importancia de la información-ruido; en fin, observar a la organización como un sistema dinámico, no lineal, abierto y complejo. En este artículo se presentan los fundamentos de la complejidad en las organizaciones, y se describen los principales elementos que la constituyen.

  4. RACIONALIDADE ECONÔMICA, TRABALHO E ECOLOGIA EM ANDRÉ GORZ

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Langer

    Full Text Available O presente artigo tem por objetivo apresentar a análise crítica de André Gorz sobre o trabalho e a ecologia política a partir da centralidade que o conceito de racionalidade econômica no capitalismo adquire em seu pensamento. Para ele, a extensão ilimitada da racionalidade econômica ao trabalho e à natureza é considerada sem futuro do ponto de vista da sociedade. Gorz reconhece a íntima relação entre a crítica do capitalismo e a tarefa da ecologia política. Outro aspecto presente em sua obra, menos explorado, é a relação entre trabalho e crise ecológica. O capitalismo apropria-se do trabalho ou emprego não apenas para os seus interesses, mas também os transforma em instrumentos de destruição da natureza. Este paper objetiva também, fiel ao espírito do próprio Gorz, embora de maneira sucinta, indicar alguns horizontes alternativos.

  5. LA RACIONALIDAD ECONÓMICA EN NUEVA PERSPECTIVA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jorge Arturo Chaves

    2002-08-01

    Full Text Available Las amenazas a la vida en el planeta, los hechos que han “asaltado al dogma económico” (Daly y Cobb, 1993 tienen mucho que ver con una doble toma de conciencia en la sociedad contemporánea. La primera, sobre lo restringida y esterilizante que resulta una visión economicista para enfrentar los problemas que más preocupan al ser humano hoy: las heridas infligidas al ecosistema, el aumento de la pobreza y la desigualdad, y el crecimiento desproporcionado de la actividad humana en relación a las posibilidades de la biosfera.La segunda, implicada en la anterior, la de darse cuenta que esa limitación está asociada al concepto de suyo estrecho y parcial de racionalidad económica. Enfrentamos aquí el problema del reduccionismo transmitido en el discurso y en la práctica misma de la disciplina económica que, sin embargo, no es exclusivo de ésta ni es atribuible sólo a deficiencias internas de los profesionales que la practican. Existe toda una larga tradición dentro de la cual se ha ido reduciendo de manera progresiva el concepto de razón humana y se ha ido produciendo ese concepto estrecho de racionalidad del que ahora la humanidad realiza esfuerzos por librarse.

  6. Gerencia de organizaciones inteligentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Eduardo Martínez Fajardo

    2000-06-01

    Full Text Available En el presente articulo se analiza el concepto de gerencia de organizaciones inteligentes centrado en tres factores esenciales seleccionados por el autor y que enfocan la capacidad gerendal de las organizaciones hacia el autoaprendizaje y la innovación del conocimiento: Una estructura inteligente capaz de producir bienes, servicios y conocimientos con calidad y costos eficientes. Entorno ambivalente conectado a la estructura interna mediante procesos de realimentación que originan conocimiento nuevo. Un sistema de incentivos de aprendizaje y autoaprendizaje. Se analizan los tres factores señalados en relación con la calidad del sistema de educación institucional, la posibilidad de mejorar los sistemas de capacitación en las empresas y los sistemas de incentivos organizaciónales. Finalmente se establecen algunas recomendaciones para el mejoramiento de las políticas gubernamentales, el papel del sistema universitario y la acción de la gerencia de organizaciones inteligentes en función de la capacidad para producir conocimiento y llegar a ser más competitivos

  7. Institucionalismo y organizaciones abiertas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Orlando Salinas Gómez

    2015-02-01

    Full Text Available RESUMEN Hoy día los estudios organizacionales reclaman, con especial fuerza, el abordaje multidisciplinar que permita a economistas, politólogos, sociólogos y psicólogos sociales, estrechar vínculos entre la teoría institucional y la teoría organizacional. En efecto, a partir de los estudios pioneros del premio Nóbel Ronald Coase (1937 el conjunto de reglas socioeconómicas y los sistemas de gobierno desarrollados para regular el intercambio económico, se convierten en reglas culturales que soportan el desarrollo de las organizaciones. Por ello este artículo presenta los aspectos más relevantes de la relación entre Organizaciones e Instituciones, tomando como base la teoría de los sitemas abiertos. En este sentido el escrito opta por asumir la diferencia entre organización e institución como punto de partida para identificar incentivos, motivaciones y reglas sociales que se entrelazan para configurar una realidad construida socialmente

  8. Redes sociais interorganizacionais na efetivação de projetos sociais Inter-organizacional social networks to the execution of social projects

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elisa Maria Barbosa de Amorim Ribeiro

    2011-08-01

    Full Text Available O estudo analisa aspectos macro e micro estruturais das parcerias mantidas pelas organizações do Consórcio Social da Juventude em Salvador - CSJ/RMS. A noção "redes sociais" é utilizada como ferramenta teórico-metodológica e como articulações para efetivar projetos sociais. O instrumento abrangeu questões de mapeamento da rede, recursos trocados e impactos para desempenho organizacional. Delinearam-se dois níveis de análise: Rede Geral, parcerias entre diversos setores, e Rede Consórcio, parcerias entre integrantes do CSJ. A Rede Geral apresentou-se totalmente interconectada e existem conectores centrais externos ao CSJ exercendo papel de suporte financeiro. A Rede Consórcio apresentou-se fragmentada; com baixa densidade nas relações; alta concentração de poder ou dependência em atores específicos; percepção de impacto no desempenho nas organizações com mais parcerias. Este trabalho evidencia a complexidade dos arranjos institucionais nas ações sociais, os impactos dos padrões de articulação no CSJ e nas organizações e o potencial investigativo da teoria de Redes Sociais.This study analyzes aspects of the partnerships done by the organizations of the Consórcio Social da Juventude (The Youth Social Partnership in Salvador- CSJ/RMS. The notion of social networks is used as a theoretical and methodological tool and associative arrangements to social projects. The survey covered questions about network mapping, exchanged resources and impact to the organizational performance. Two level of analysis were outlined: the General Network and the Youth Social Partnership Network . The General Network proved to be totally interconnected there being connectors external to CSJ performing financial support role. The Youth Social Partnership Network proved to be fragmented, with low density, high power concentration or dependence on actors, perception of the impact to the performance of the organizations with more connections

  9. O USO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO E SEUS REFLEXOS NA CULTURA ORGANIZACIONAL E NO COMPARTILHAMENTO DE INFORMAÇÕES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabiana Borelli Amorim

    2011-06-01

    Full Text Available O presente estudo analisou um sistema de informações baseado em computador. A pesquisa centrou-se na identificação dos entraves para a utilização plena do Sistema Integrado de Processos – SIP, considerando sua importância como ferramenta para o compartilhamento de informações na Prefeitura do Município de Londrina. Para realização da pesquisa, utilizou-se o método estudo de caso, com levantamentos quantitativos na primeira etapa e qualitativos na segunda, o que possibilitou a análise, de forma subjetiva, dos motivos que levam as pessoas a não utilizarem muitos dos recursos informacionais do SIP de forma eficiente. Os resultados demonstram que alguns fatores culturais interferem na utilização de ferramentas informacionais automatizadas e no aproveitamento/compartilhamento das informações, condições que levantam as causas que interferem na pouca utilização do sistema em alguns órgãos do município e podem levar à otimização da utilização de seus recursos. Acredita-se também que este estudo pode servir de base para a implantação de outros sistemas com mesma especificidade de gestão da informação, buscando analisar, a priori, possíveis limitações que poderão influenciar no bom andamento do fluxo de informações.

  10. A INFLUÊNCIA DO SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL NA IMAGEM ORGANIZACIONAL PERANTE OS STAKEHOLDERS: UMA INDÚSTRIA TÊXTIL DE MINAS GERAIS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliano Franco e Silva Amaral

    2005-12-01

    Full Text Available Uma característica da sociedade contemporânea é a crescente inquietação com a qualidade do ambiente natural. Grupos de pressão, cientistas, consumidores, políticos e empresas estão mais conscientes do meio ambiente e cada vez mais influentes. Na década de 1990, temas e conceitos importantes foram estudados: a teoria dos stakeholders, a ética nos negócios, a gestão ambiental, a cidadania empresarial, o desenvolvimento sustentável e a governança corporativa. Para Freeman apud Kreitlon (2003, os stakeholders podem ser definidos como qualquer grupo ou indivíduo capaz de afetar ou ser afetado pela organização. Em sentido estrito, são aqueles grupos vitais para o negócio da empresa. Segundo Moreira (2001, a organização que tem gestão ambiental é aquela que possui um departamento de meio ambiente responsável por atender às exigências dos órgãos ambientais e indicar equipamentos e dispositivos de controle ambiental apropriados à realidade do negócio e aos impactos ambientais. Por outro lado, o sistema de gestão ambiental adquire uma visão estratégica do meio ambiente. A organização deixa de agir apenas em função dos riscos e passa a perceber também as oportunidades de acordo com orientações de inserção da variável ambiental na gestão do negócio. Este artigo tem como objetivo descrever a influência da implantação do sistema de gestão ambiental na imagem de uma indústria têxtil de Minas Gerais frente aos stakeholders. A metodologia utilizada foi a revisão bibliográfica sobre sistema de gestão ambiental, a análise de documentos da Empresa Alfa e entrevistas não estruturadas com os responsáveis pela implantação da ISO 14001 e pela área de relação com investidores

  11. A INFLUÊNCIA DO SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL NA IMAGEM ORGANIZACIONAL PERANTE OS STAKEHOLDERS: UMA INDÚSTRIA TÊXTIL DE MINAS GERAIS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliano Franco e Silva Amaral

    2006-12-01

    Full Text Available Uma característica da sociedade contemporânea é a crescente inquietação com a qualidade do ambiente natural. Grupos de pressão, cientistas, consumidores, políticos e empresas estão mais conscientes do meio ambiente e cada vez mais influentes. Na década de 1990, temas e conceitos importantes foram estudados: a teoria dos stakeholders, a ética nos negócios, a gestão ambiental, a cidadania empresarial, o desenvolvimento sustentável e a governança corporativa. Para Freeman apud Kreitlon (2003, os stakeholders podem ser definidos como qualquer grupo ou indivíduo capaz de afetar ou ser afetado pela organização. Em sentido estrito, são aqueles grupos vitais para o negócio da empresa. Segundo Moreira (2001, a organização que tem gestão ambiental é aquela que possui um departamento de meio ambiente responsável por atender às exigências dos órgãos ambientais e indicar equipamentos e dispositivos de controle ambiental apropriados à realidade do negócio e aos impactos ambientais. Por outro lado, o sistema de gestão ambiental adquire uma visão estratégica do meio ambiente. A organização deixa de agir apenas em função dos riscos e passa a perceber também as oportunidades de acordo com orientações de inserção da variável ambiental na gestão do negócio. Este artigo tem como objetivo descrever a influência da implantação do sistema de gestão ambiental na imagem de uma indústria têxtil de Minas Gerais frente aos stakeholders. A metodologia utilizada foi a revisão bibliográfica sobre sistema de gestão ambiental, a análise de documentos da Empresa Alfa e entrevistas não estruturadas com os responsáveis pela implantação da ISO 14001 e pela área de relação com investidores.

  12. Razón y Racionalidad. Una Dialéctica de la Modernidad

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosa María Ramírez Martínez

    2000-01-01

    Full Text Available En este trabajo se discute acerca de la distinción entre razón y racionalidad, pues se le ha colmado con prejuicios, imaginarios y mitos. Sin embargo, la comprensión del concepto de racionalidad lleva a la interpretación moderna del mundo y debido a la conexión entre teoría de la racionalidad y de la modernidad se puede construir una teoría de la sociedad. Para el análisis se recuperan aquellos autores que han enfatizado la ponencia crítica de la razón, para cuestionar como plantea Habermas las aporías de la razón y reivindicar el proyecto emancipador de la propia razón, rescatar el mundo de la vida de la racionalidad instrumental para crear la posibilidad de una sociedad verdaderamente humana.

  13. Racionalidade online: provimento de razões em discussões virtuais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Fabrino Mendonça

    Full Text Available Resumo Este artigo se propõe a discutir a ideia de racionalidade que está no coração das abordagens deliberacionistas de democracia. Essa discussão embasa a realização de um estudo empírico focado em um banco de dados com 2.375 comentários sobre direitos LGBT em quatro arenas online: Youtube, Facebook, comentários de notícias e Votenaweb. O objetivo é discutir os principais fatores a influenciar no incremento do provimento de razões por postagens nessas arenas. Na análise, testamos cinco hipóteses: (H1 A chance de postagens apresentarem justificativas depende da plataforma em que se encontram essas postagens; (H2 A chance de postagens apresentarem justificativas é maior em debates em que há equilíbrio entre as posições defendidas; (H3 A chance de postagens apresentarem justificativas tende a ser maior quando há mais reciprocidade; (H4 A chance de postagens apresentarem justificativas é menor se o nível de desrespeito é maior; e (H5 A chance de postagens apresentarem justificativas é menor em mensagens enviadas por anônimos. Os resultados indicam que, entre as variáveis testadas, a "plataforma" e a "presença de respeito" são as mais importantes para induzir o provimento de justificativas.

  14. Las incapacidades de aprendizaje organizacional y su relación con los estilos de aprendizaje organizacional en la Mipyme

    OpenAIRE

    José Gerardo Ignacio Gómez Romero; María Deyanira Villarreal Solís; Francisco Martín Villarreal Solís

    2015-01-01

    En este estudio se analizaron 200 empresas micro, pequenas ˜ y medianas de la ciudad de Durango, México, con el propósito de encontrar la posible relación entre las incapacidades de aprendizaje y los estilos de aprendizaje organizacional y su repercusión en el aprendizaje organizacional; así como su repercusión en el aprendizaje de las mismas. Para lograr lo anterior se aplicó un instrumento de medicióna las mencionadas empresas, el mismo que fue debidamente adaptado al contexto, probado y va...

  15. Reflexões sobre Água, Sabão e Conhecimento: Aprendizagem Organizacional na prática das serventes de limpeza de uma instituição de ensino federal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    VIVIANI TEODORO SANTOS

    2017-06-01

    Full Text Available Em razão da multiplicidade de abordagens e da complexidade do tema, a Aprendizagem Organizacional, dificilmente poderia ser entendida por meio de conceitos únicos ou estanques. Um mundo de desafios e possibilidades se abre no estudo da temática e, refletir sobre os diversos caminhos, faz parte do próprio processo de aproximação do tema. Sendo assim, o presente artigo tem como objetivo conhecer a prática cotidiana das serventes de limpeza de uma instituição de ensino federal apoiando-se em diferentes abordagens da Aprendizagem, na tentativa de responder quatro perguntas: 1. Como as serventes aprendem? 2. Quais as implicações na aprendizagem, o fato de se tratar de serviço terceirizado? 3. Qual a capacidade de interferência da gestão no processo de aprendizagem? e 4. Como conduzir o processo de aprendizagem para solucionar a problemática? Por meio de uma pesquisa qualitativa, marcada por mais de um momento de coleta de dados e pela experiência da autoconfrontação simples, percebe-se que o conhecimento adquirido e utilizado pelo grupo provém de uma prática cotidiana fortemente vinculada às suas histórias de vida, e que, até o momento, a gestão não tem obtido sucesso nas tentativas de implantação de melhorias. Neste sentido, entende-se que uma alternativa apropriada para um futuro trabalho seria a opção por metodologias intervencionistas, em razão de serem capazes de proporcionar um espaço de reflexão e participação, em que as contradições possam ser trabalhadas de forma cíclica, transformando os envolvidos em sujeitos ativos e autores da própria trajetória de mudanças, tanto no âmbito profissional quanto pessoal.

  16. Gestão organizacional sob a lógica da competência: aplicação na pequena empresa.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariana Musetti Munck

    2008-02-01

    Full Text Available Este estudo, sustentado nas premissas teoricas do modelo de gestão por competencias, objetiva explorar, descrever e mudar a sistematica de execução das atividades de uma pequena empresa de consultoria. Orientando-se por autores que propoem a operacionalização do conceito de competencias nas organizacões, construiram-se quadros de referencias para as celulas da organização de modo que houvesse mais transparencia e consistencia nas ações de gestão, e isso representa um grave problema das pequenas empresas. Os quadros são compostos de atributos como missão, atribuições, contribuições, indicadores de resultados e competencias, todos definidos com base nas estrategias e nos objetivos almejados pela organização. Ante a proposta de não apenas explorar e descrever, mas tambem de mudar, o estudo utilizou como orientação metodologica a pesquisa-ação. Esse metodo não se limita apenas a descrever uma situação, mas tambem pretende desencadear, em certos casos, mudancas no seio da coletividade envolvida. O proprio processo de busca e os resultados alcancados demonstraram, a principio, que a estruturação de uma empresa por competencias gera turbulencias iniciais, principalmente pela radicalidade da mudança (neste caso e pelas particularidades do conceito. A nova estrutura tem provocado mudanças culturais, sobretudo na açao dos gestores que tem agora informações claras sobre as atribuições e exigencias cabiveis a cada celula, bem como de seus respectivos indicadores de desempenho.

  17. Integrando emoções e racionalidades para o desenvolvimento de competência nas metodologias ativas de aprendizagem

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Alberto Mourthé Junior

    2017-12-01

    Full Text Available Sustentado em uma prática educacional construtivista, dialógica e baseada em competência, este artigo discute uma tradição racionalista/objetivista de ensino-aprendizagem. Expressões artísticas, especialmente cinematográficas, são apresentadas como disparadores educacionais. Educandos organizados em pequenos grupos compartilham, correlacionam e conversam sobre suas emoções, possibilitando uma melhor compreensão das racionalidades envolvidas no processo de aprendizagem. Como os grupos apresentam diferentes estágios de problematização das emoções, propomos categorias para apoiar docentes e integrantes na identificação da natureza conversacional dos grupos, favorecendo suas intervenções e contribuições para o desenvolvimento individual e social dos participantes, com referência a um perfil de competência.

  18. Cuatro preguntas para iniciarse en cambio organizacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos A. Acosta R.

    2002-01-01

    Full Text Available El presente artículo llega a un concepto sobre el cambio organizacional a partir de las respuestas que ofrece a cuatro preguntas: ¿Qué es lo que cambia en las organizaciones?, ¿Por qué cambian las organizaciones?, ¿Cómo cambian las organizaciones? y -entonces- ¿Qué es el cambio organizacional? Para lograr el propósito se toma como objeto a las organizaciones empresariales y se centra en las dimensiones donde se localizan los cambios, explora lo que algunos autores dicen sobre el cambio, revisa varias propuestas sobre las razones que llevan al cambio en las organizaciones, expone las modalidades en que cambian las organizaciones y, finalmente, como inferencia de lo expuesto, concluye en un concepto de cambio organizacional

  19. CUATRO PREGUNTAS PARA INICIARSE EN CAMBIO ORGANIZACIONAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Acosta

    2002-07-01

    Full Text Available El presente artículo llega a un concepto sobre el cambio organizacional a partir de las respuestas que ofrece a cuatro preguntas: ¿Qué es lo que cambia en las organizaciones?, ¿Por qué cambian las organizaciones?, ¿Cómo cambian las organizaciones? y -entonces- ¿Qué es el cambio organizacional? Para lograr el propósito se toma como objeto a las organizaciones empresariales y se centra en las dimensiones donde se localizan los cambios, explora lo que algunos autores dicen sobre el cambio, revisa varias propuestas sobre las razones que llevan al cambio en las organizaciones, expone las modalidades en que cambian las organizaciones y, finalmente, como inferencia de lo expuesto, concluye en un concepto de cambio organizacional.

  20. Condiciones para el aprendizaje organizacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Delio Ignacio Castañeda

    2015-01-01

    Full Text Available El propósito de esta investigación es contribuir al entendimiento de algunas condiciones que favorecen el aprendizaje en las organizaciones, específicamente el rol de la cultura del aprendizaje, la formación, la claridad estratégica y el soporte organizacional. Se emplea una metodología cuantitativa con 613 participantes, empleados de una organización pública y 2 compañías privadas, las 3 entidades ubicadas en Bogotá, Colombia. Para la realización del estudio se conformó una muestra por conveniencia, con el apoyo de los jefes de recursos humanos de 3 organizaciones con sede en la ciudad de Bogotá, Colombia. Para la recolección de los datos se utilizó una escala Likert de 5 niveles de respuesta. Los resultados sugieren que las 4 condiciones estudiadas contribuyen al aprendizaje organizacional. Los hallazgos de este trabajo orientan a profesionales sobre dónde focalizar esfuerzos para promover la adquisición y la generación de conocimiento organizacional y aporta al trabajo investigativo ampliando la evidencia empírica sobre este campo de relevancia organizacional.

  1. Condiciones para el aprendizaje organizacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Delio Ignacio Castañeda

    2015-01-01

    Full Text Available El propósito de esta investigación es contribuir al entendimiento de algunas condiciones que favorecen el aprendizaje en las organizaciones, específicamente el rol de la cultura del aprendizaje, la formación, la claridad estratégica y el soporte organizacional. Se emplea una metodología cuantitativa con 613 participantes, empleados de una organización pública y 2 compa˜nías privadas, las 3 entidades ubicadas en Bogotá, Colombia. Para la realización del estudio se conformó una muestra por conveniencia, con el apoyo de los jefes de recursos humanos de 3 organizaciones con sede en la ciudad de Bogotá, Colombia. Para la recolección de los datos se utilizó una escala Likert de 5 niveles de respuesta. Los resultados sugieren que las 4 condiciones estudiadas contribuyen al aprendizaje organizacional. Los hallazgos de este trabajo orientan a profesionales sobre dónde focalizar esfuerzos para promover la adquisición y la generación de conocimiento organizacional y aporta al trabajo investigativo ampliando la evidencia empírica sobre este campo de relevancia organizacional.

  2. La arquitectura de ladrillos del siglo XIX: Racionalidad y modernidad

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adell Argilés, Josep María

    1992-10-01

    Full Text Available The analysis of brick architectural works in Europe between the middle of the 19th century and the beginning of the 20th century shows that they already exploted the technical and formal material possibilities and they followed the constructive rationality tendency prevailing in the beginnings of the industrial era. These works reveal enough connections among themselves, so as to be able to assemble them under the common name of “19th Century Brick Architecture”, a name beyond nuances of style characteristic of each region or country. This article analyzes those most significant values of the Brick Architecture which allow it to be understood as a step towards modernity.

    El análisis de las obras de Arquitectura construidas con ladrillo en Europa, entre mediados del siglo XIX y principios del XX, demuestra que explotaban las posibilidades técnicas y formales del material, y seguían la corriente de racionalidad constructiva imperante en los inicios de la era industrial. Estas obras revelan suficientes conexiones entre sí, para poderlas agrupar bajo la denominación común de ''Arquitectura de Ladrillos del siglo XIX", por encima de matices estilísticos propios de cada región o país. En el artículo se analizan aquellos valores más significativos de la Arquitectura de Ladrillos, que permiten entenderla como un paso hacia la modernidad.

  3. EL APRENDIZAJE ORGANIZACIONAL COMO FACILITADOR DE RELACIONES SOCIALES RESPONSABLES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eliecer Mayorca Capataz

    2014-08-01

    Full Text Available La importancia que tienen las relaciones sociales y el aprendizaje en la vida del ser humano: ser social, ser de relaciones, un ser abierto que se define por las relaciones con los demás, se considera imprescindible, abordar el tema para favorecer el desarrollo integral de la personas. Ello supone que, la vida para su permanente desarrollo implica en la persona, articular un entramado de relaciones, mediante la experiencia de aprendizaje y el reconocimiento de los valores fundamentales como el respeto por la humanidad, en un todo interrelacionado, en el que, de alguna forma, remite el actuar de las personas, a su racionalidad, a su espontaneidad, a la forma como se comunica y trabaja con los otros, a la manera constante de aprender, de buscar la calidad de vida, de amar su oficio como forma de influencia positiva, y establecer relaciones socialmente responsables. Para ello, se estableció como objetivo: realizar un análisis conceptual del aprendizaje organizacional como facilitador de las relaciones sociales responsables en la organización. Metodológicamente, el trabajo es de carácter documental y bibliográfico, soportadas en investigaciones previas; y como reflexión se estableció que el centro para aprender y relacionarse es el hombre.

  4. CULTURA, LIDERANÇA E COMPARTILHAMENTO DO CONHECIMENTO ORGANIZACIONAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Katia Cyrlene de Araujo Vasconcelos

    2013-10-01

    Full Text Available Objetivou-se descrever e analisar como os elementos da cultura organizacional e a atuação das lideranças interferem no compartilhamento do conhecimento organizacional. Assume-se que compartilhar conhecimento passa pela interação social que perpassa os quatro processos sociais relacionados à gestão do conhecimento: criação, retenção, transferência e aplicação. Realizou-se um estudo de caso qualitativo em uma indústria de grande porte. Os dados foram coletados via triangulação e submetidos à análise de conteúdo. As evidências indicam que os elementos da cultura organizacional e a atuação das lideranças interferem diretamente na criação de um ambiente propício para o compartilhamento do conhecimento. Observou-se que práticas de disseminação de valores, crenças, visão e missão da empresa, apoiadas pela atuação de lideranças facilitam o processo de comunicação e promovem o incentivo ao diálogo, a autonomia e a liberdade, interferindo diretamente na criação do “ba", que é a condição essencial para o compartilhamento do conhecimento e a aprendizagem organizacional.

  5. Mudança organizacional: um estudo em empresas graduadas por uma incubadora de biotecnologia

    OpenAIRE

    Arimar Colen Gontijo

    2004-01-01

    Este trabalho analisa o processo de mudança organizacional ocorrido em empresas graduadas numa incubadora e discute amplamente, sob várias óticas, a mudança planejada e a mudança emergente, na tentativa de responder ao problema de pesquisa: Como se caracteriza o processo de transição de uma empresa incubada para uma empresa graduada, sob a ótica da mudança organizacional planejada e da mudança organizacional emergente? Foram estudadas empresas incubadas e graduadas de 1999 até 2003 em uma inc...

  6. las distintas organizaciones

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A. Maldonado Ibáñez

    2006-01-01

    Full Text Available El presente artículo trata sobre la definición de un repositorio-catálogo de estilos aplicables a la representación cartográfica de los distintos fenómenos geográficos, basándose en la simbología normalizada de las distintas Organizaciones Cartográficas, tales como el Instituto Geográfico Nacional, el Ministerio de Medio Ambiente, el Instituto Nacional de Estadística, etc. El catálogo permitirá una elección rápida y sencilla de los diversos estilos utilizados por dichos organismos oficiales. Se trata de definir un repositorio en el que almacenar los estilos individualizados aplicables a los fenómenos geográficos, en el que se disponga de la capacidad de insertar, borrar y actualizar nuevos estilos. El repositorio debe responder como catálogo sobre el que buscar y descargar estilos. Una de las aplicaciones del repositorio-catálogo es la generación de estilos en el formato Style Layer Descriptor (SLD para ser visualizados mediante Servidores de Mapas en Red conformes con OGC.

  7. La racionalidad económica y la secularización

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    ANDRÉS BILBAO

    1996-01-01

    Full Text Available La racionalidad económica es uno de los principales rasgos de la modernidad. Esta racionalidad es, aparentemente, resultado de la ruptura con la vieja superstición religiosa. Sin embargo, sus raíces están en ese mundo religioso, que cree haber superado. en este sentido, el proceso de secularización, del que nace la moderna racionalidad, no es más que la interiorización de los valores religiosos del cristianismo. La creencia de que el individuo, siguiendo sus propios intereses, da lugar a un mundo ordenado, es el rasgo característico de la racionalidad económica. Esta creencia tiene sus raíces en la doctrina cristiana en más de un mundo providencia. El desarrollo de la racionalidad económica no constituye a la superstición religiosa, sino que ella misma, como una nueva forma de superstición, se desarrolla en paralelo con ella.

  8. A Racionalidade na Explicação Darwiniana na Origem das Espécies

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Halina Macedo Leal

    1999-12-01

    Full Text Available The Origin of Species by Charles Darwin is a landmark in the history of Biology. It laid down the foundations for the modern theory of evolution and influenced several areas of the Natural History as well as other fields of inquiry. The Origin of Species brings in the theory according to which Natural Selection has been the most important means, although not the only one, of modification and production of new species in Nature.The novelty of Darwin's way of arguing in exposing and defending his theory can be seen in the methods, and explanatory patterns and strategies he creates and makes use of in the Origin of Species. These topics bear on those that have been fundamental to the Philosophy and History of Science, like the ones related to the role of theory and method, the ways of generating and applying concepts, and the patterns of explanation in science. These questions, in turn, lead us to think about the concept that is in the background of all discussions on science — the concept of scientific rationality. Usually, it is understood in terms of a cognitive faculty, an attitude, or a value. This way of understanding rationality receives a richer treatment in Darwin's work, pointing to a network of multiple and interactive meanings.

  9. Condiciones para el aprendizaje organizacional

    OpenAIRE

    Delio Ignacio Castañeda

    2015-01-01

    El propósito de esta investigación es contribuir al entendimiento de algunas condiciones que favorecen el aprendizaje en las organizaciones, específicamente el rol de la cultura del aprendizaje, la formación, la claridad estratégica y el soporte organizacional. Se emplea una metodología cuantitativa con 613 participantes, empleados de una organización pública y 2 compa˜nías privadas, las 3 entidades ubicadas en Bogotá, Colombia. Para la realización del estudio se conformó una muestra por conv...

  10. Valores personales y compromiso organizacional

    OpenAIRE

    Alicia Omar; Alicia Florencia Urteaga

    2008-01-01

    Se exploraron las relaciones entre los valores individuales y el compromiso organizacional en una muestra integrada por 429 empleados de empresas argentinas. Los sujetos completaron una hoja de datos personales, la Escala de Individualismo-Colectivismo y la de Compromiso Organizacional. La muestra total se clasificó en ocho subgrupos en función de la dicotomización por la mediana de las cuatro dimensiones axiológicas, de los cuales se seleccionaron los cuatro subgrupos más representativos, en...

  11. Aplicação do Conceito do Ciclo de Vida Organizacional na Definição e Determinação das Fases de uma Organização VarejistaImplementing the concept of Organizational Life Cycle in the definition and Determinations Phases of a Retailers OrganizationAplicación del Concepto del Ciclo de Vida Organizacional en la Definición y Determinación de las Fases de una Organización Minorista

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    BERALDO, Valter

    2004-05-01

    Full Text Available RESUMOO presente artigo aborda a relação entre modelos que analisam as fases do ciclo de vida organizacional e a efetividade organizacional - baseada em uma organização varejista criada no início do século XX, mais precisamente, no dia 29 de novembro de 1913 e que foi reconhecida pela população paulistana, no início dos anos 90, como a loja que tinha a “cara” de São Paulo. A análise dos períodos favoráveis de crescimento e dos períodos críticos possibilitou identificar as características de cada uma das cinco fases identificadas no estudo: crescimento inicial, administrativa, crescimento massificado, expansão e descontrole. Conclui-se pela importância dos conceitos subjacentes que se inserem: na elaboração das fases; na teoria do ciclo de vida organizacional como instrumento que pode contribuir no planejamento estratégico das organizações.ABSTRACTThe present article approaches the relationship among models that analyze the phases of organizational life cycle and the organizational effectiveness, based on a retail organization – created in the beginning of the XX Century, more precisely, on November 29, 1913 and that was recognized by the paulistana population as being the one that most resembled the city. The analysis of the favorable periods of growth and the critical periods has made it possible to identify the characteristics of each one of the five identified phases in the study: initial growth, administrative, mass growth, expansion and lack of control. It is concluded by the importance of underlying concepts that they interfere: in the research when of the phases elaboration; in the theory of organizational life cycle as instrument that can contribute in the strategic planning of the organizations.RESUMENEl presente artículo se refiere a la relación entre modelos que analizan las fases del ciclo de vida organizacional y la efectividad organizacional, basada en una organización minorista creada en el inicio

  12. Uncertainty and Bounded Rationality: An Empirical Study in Financial Sector Incerteza e Racionalidade Limitada: Um Estudo Empírico no Setor Financeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adilson Aderito da Silva

    2012-06-01

    Full Text Available The levels of uncertainty perceived by managers as having the perspective of the theoretical support of the Information Uncertainty, focusing on the multidimensional approach proposed by Milliken (1987, which supports the existence of three types of uncertainty: uncertainty of state, uncertainty effect and response uncertainty. The levels of rationality of managers were estimated to construct a second order from the uncertainties of effect and response uncertainty, with the theoretical support in the definitions of the concept of bounded rationality proposed by Simon (1957. The data collected from the 118 employees of the banking sector in the State of São Paulo were analyzed using Structural Equation Modeling with the Software Smart PLS. The results indicated a significant influence of the state uncertainty on the  level of rationality of managers and bring important methodological and conceptual contributions to the advancement of studies on the subject of uncertainty in decision makingEsta pesquisa foi desenvolvida com o objetivo de avaliar o impacto da incerteza percebida no ambiente sobre os níveis de racionalidade dos gestores do setor financeiro. Para tal, foram estimados os níveis de incerteza percebidos pelos gestores tendo como suporte teórico a perspectiva da Incerteza da Informação, com foco na abordagem multidimensional proposta por Milliken (1987, que defende a existência de três tipos de incerteza: incerteza de estado, incerteza de efeito e incerteza de resposta. Os níveis de racionalidade dos gestores foram estimados como um construto de segunda ordem a partir das incertezas de efeito e da incerteza de resposta, com o suporte teórico nas definições do conceito de racionalidade limitada propostas  por Simon (1957.  Os dados coletados junto aos 118 funcionários do setor bancário no Estado de São Paulo foram analisados por meio de Modelagem por Equações Estruturais com o Software Smart PLS. Os resultados

  13. Etapas De Construção De Uma Ilha Interdisciplinar De Racionalidade Sobre Alimentação Saudável

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ariane Pegoraro Nuncio

    2016-12-01

    Full Text Available O presente artigo tece uma reflexão sobre a interdisciplinaridade no contexto escolar e apresenta etapas de construção de uma Ilha Interdisciplinar de Racionalidade (IIR, à luz de Fourez (1994, e estratégias aplicáveis em cada uma das etapas que a compõe. A temática social é a “Alimentação saudável – o perigo do consumo excessivo de sal” em nível de ensino fundamental, na disciplina de Ciência, com o intuito de promover a alfabetização científica e mudança de hábitos visando uma melhoria na qualidade de vida, possibilitando a autonomia, o domínio e a comunicação dos estudantes.

  14. Cidadania e qualidade de vida dos portadores de transtornos psiquiátricos: contradições e racionalidade Ciudadanía y calidad de vida de los portadores de trastornos siquiátricos: contradicciones y racionalidad Citizenship and life quality of porters of psychiatrics perturbations: contradictions and rationality

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Josicelia Dumêt Fernandes

    2003-06-01

    Full Text Available Este estudo consiste num espaço de reflexão sobre a questão da cidadania e qualidade de vida dos portadores de transtornos psíquicos, tomando como eixo as transformações ocorridas na relação da sociedade com esses indivíduos, explicitando suas contradições e racionalidade. Aponta os desafios a serem superados na construção da cidadania e qualidade de vida dessas pessoas.Este estudio consiste en espacio de reflexión sobre la ciudadanía y calidad de vida de los portadores de trastornos síquicos, tomando como eje las transformaciones ocurridas en la relación de la sociedad con esses individuos, explicitando sus contradicciones y racionalidad. Indica los desafíos a ser superados en la construcción de la ciudadanía y calidad de vida de estas personas.This study consists in reflection about the questions of citizenship and life quality of porters of psychic perturbation, considering the transformations occurred on the relation between the society and these porters, showing its contradictions and rationality. This study indicates the challenges to be surpassed on the construction of citizenship a life quality of these people.

  15. Ambiente psicologico en las organizaciones

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Damarcy Cortés Baracaldo

    2002-01-01

    Full Text Available El talento humano en las organizaciones se ha convertido en las ultimas decadas en un recurso que se administra de acuerdo al estilo de liderazgo del jefe, lo que implica una marcada relación hacia la tarea, hacia las relaciones con el personal o una combinación de estas dos, que desencadenan en un ambiente psicológico exclusive en cada organización.

  16. O CONHECIMENTO ORGANIZACIONAL: PRODUTO OU PROCESSO?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patricia de Sá Freire

    2014-01-01

    Full Text Available Este estudo objetiva compreender como uma empresa pode mapear e identificar com mais precisão e agilidade o conhecimento visto que este é construido na mente humano, bem como gerenciá-lo de maneira a diminuir os riscos da sua transferência e integração entre pessoas, entre sistemas ou entre pessoas e sistemas. Para tal, foi elaborado o estado da arte sobre o termo “conhecimento”, entendendo seus processos com base em uma pesquisa qualitativa mediante revisão sistemática da literatura que levou a um amplo levantamento bibliográfico e documental. Os resultados alcançados por esta pesquisa apresentam a origem e evolução dos significados do termo, descreve o seu processo de construção na mente humana; a epistemologia disciplinar; alcança o posicionamento do conhecimento enquanto ativo organizacional e, finalmente entende o novo conceito conhecimento como um dos elementos intangíveis do capital intelectual, descortinando o caminho para atender ao objetivo deste estudo.

  17. Análise do clima organizacional do curso de psicologia de uma universidade comunitária

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Keli Cristina de Lara Campos

    Full Text Available O estudo do clima organizacional é uma importante ferramenta para diagnóstico e compreensão das organizações, fornecendo subsídios para melhorias futuras. Este trabalho objetivou mensurar o clima organizacional na opinião dos docentes de Psicologia de uma universidade do Estado de São Paulo. A amostra contou com 20 sujeitos sorteados de modo eqüiprobabilístico. Foram utilizados três instrumentos: Questionário de Identificação, Questionário de Clima Organizacional de Kolb e Questionário Descritivo de Clima Organizacional- OCDQ (Forma IV. Os resultados demonstraram que o papel da direção exerce influência na percepção docente. Os docentes avaliaram o clima do curso de Psicologia como paternalcontrolado e apresentaram alto nível de descontentamento.

  18. Estética e engenharia: para além da racionalidade tecnológica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Levi Leonido Fernandes da Silva

    Full Text Available Resumo: O objetivo deste artigo é apreender a racionalidade tecnológica no contexto da Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Única no país com esta denominação, ela tem a maioria dos seus cursos voltados para a formação de engenheiros no Brasil. No âmbito dessa formação, incluímos o estudo da estética, como discussão alternativa, por entendê-la significativa na formação social do sujeito enquanto dimensão emancipatória gerada no movimento de criação e de inovação tecnológica e que hoje é deixada em segundo plano nesse contexto. Este artigo constituiu-se a partir da revisão das ideias de Marcuse, Adorno, Habermas e Horkheimer, Rancière, os quais abordam a presente temática sob a perspetiva da autonomia do sujeito em oposição às interpretações normativas e tecnocráticas da sociedade.

  19. EL PENSAMIENTO COMPLEJO Y LA TRANSDISCIPLINARIEDAD: FENÓMENOS EMERGENTES DE UNA NUEVA RACIONALIDAD

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    SERGIO NÉSTOR OSORIO GARCÍA

    2012-01-01

    Full Text Available Hoy tenemos que aprender a diferenciar y a distinguir, sin tener por ello que separar. En este sentido hay dos pares de conceptos claramente diferenciables y no por ello separables: por un lado, los conceptos complejidad y pensamiento complejo y por otro lado, conocimiento disciplinar (multi-poli e interdisciplinar y conocimiento transdisciplinar. Para la ciencia clásica el pensamiento complejo y el conocimiento transdisciplinar es un absurdo, pero para éstos, el ideal de racionalidad de la ciencia clásica es necesario y válido, pero insuficiente para comprender la Realidad en el tiempo actual. Se hace necesario un nuevo paradigma de racionalidad que permita pensar la unidad de los conocimientos fragmentados en disciplinas de cara a la supervivencia de la especie humana en esta era que se ha convertido en planetaria. La presente reflexión busca presentar desde las apuestas conceptuales de Edgar Morin (pensamiento complejo y de Basarab Nicolescu (conocimiento transdisciplinar la dimensión epistemológica, ontológica y metodológica de la emergencia de esta nueva racionalidad.

  20. Las incapacidades de aprendizaje organizacional y su relación con los estilos de aprendizaje organizacional en la Mipyme

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Gerardo Ignacio Gómez Romero

    2015-01-01

    Full Text Available En este estudio se analizaron 200 empresas micro, pequenas ˜ y medianas de la ciudad de Durango, México, con el propósito de encontrar la posible relación entre las incapacidades de aprendizaje y los estilos de aprendizaje organizacional y su repercusión en el aprendizaje organizacional; así como su repercusión en el aprendizaje de las mismas. Para lograr lo anterior se aplicó un instrumento de medicióna las mencionadas empresas, el mismo que fue debidamente adaptado al contexto, probado y validado, y las respuestas se analizaron mediante un modelo de regresión lineal, el cual utilizó las 7 incapacidades de aprendizaje como variables predictoras de los 4 estilos de aprendizaje. Se encontró evidencia estadística significativa de que existe una relación entre las incapacidades de aprendizaje y los estilos de aprendizaje organizacional en las empresas estudiadas.

  1. Determinantes da folga organizacional em uma empresa com estrutura descentralizada.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ilse Maria Beuren

    2015-08-01

    Full Text Available O objetivo do estudo é identificar os determinantes da folga organizacional em uma empresa com estrutura descentralizada, com ênfase no modo como os controllers das unidades de negócios afetam a folga. Foi realizada uma pesquisa descritiva com abordagem quantitativa, por meio de survey, utilizando o instrumento de pesquisa concebido por Indjejikian e Matëjka (2006, que se constitui de dois questionários, um para o gestor e outro para o controller de cada UN. A empresa objeto de estudo apresenta estrutura descentralizada com 45 UNs, das quais 32 responderam aos questionários. Os resultados da pesquisa indicam que as metas de desempenho, quando o crescimento das UNs é provocado pelo aumento das vendas e do market share, com sacrifício do retorno sobre o investimento no curto e médio prazos, são mais fáceis de alcançar e permitem maior folga organizacional do que em situações de UNs mais estáveis. Também indicam que a folga organizacional é maior em ambientes caracterizados por maior assimetria de informação entre a holding e os gestores das UNs, definidos pelo foco do controller da UN. Os resultados dos testes da relação entre as variáveis foco do controller da UN e folga organizacional evidenciam que os controllers das UNs priorizam o apoio à tomada de decisão na UN, em detrimento de suas responsabilidades com o sistema de controle gerencial corporativo. Quanto maior o tempo de atuação do controller na UN, maior é a sua dedicação às responsabilidades relacionadas à gestão da UN em detrimento do foco nas tarefas da holding. Conclui-se que a relação constatada nesta pesquisa entre o nível de folga organizacional e o foco dos controllers das UNs se coaduna com aquela enunciada no estudo de referência. De maneira geral, os resultados das análises estão alinhados com os da pesquisa de Indjejikian e Matëjka (2006, consideradas as limitações de comparabilidade em função das diferenças amostrais.

  2. O impacto na cultura organizacional devido a implantação da tecnologia da informação: um estudo de caso em um hospital filantrópico / Impact on organizational culture due to deployment of information technology: a case study in a charity hospital

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Henrique César Melo Ribeiro

    2013-08-01

    Full Text Available Cada vez mais a Tecnologia da Informação está tendo um papel de importância na estratégia da organização, impactando também em sua cultura. Uma organização para conseguir obter diferencial, tem que está integrada e alinhada com seus processos e a TI vem proporcionando e facilitando tal vinculo. Entende-se que a TI é uma ferramenta que traz diferencial e que a cultura é difícil de ser moldada. O objetivo deste artigo foi estudar o impacto na cultural organizacional pela introdução da tecnologia de informação em um hospital filantrópico. Foi uma pesquisa tipo exploratória, de campo, qualitativa e quantitativa, sendo adotada a técnica de estudo de caso. A coleta dos dados foi feita por meio de questionários fechados. Conclui-se que o Hospital Filantrópico estudado, mantinha-se com um certo conservadorismo em sua cultura e que há sete anos foi sendo adotada tecnologias de ponta no Hospital, impactando diretamente em sua cultura da organização.

  3. Racionalidad y deliberación en la acción colectiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Noguera, José Antonio

    2007-04-01

    Full Text Available The theory of collective action formulated by Mancur Olson in 1965 was based on an instrumental-strategic concept of rationality that has been generally used by standard rational choice theory. Different social theorists (such as Habermas or Elster have tried to challenge this view by defending an alternative concept of rationality based on deliberation or rational argumentation. In this article I discuss to what extent these challenges have been successful in offering a real theoretical alternative to strategic rationality as a mechanism for the production and coordination of collective actions. For that purpose, three questions will be addressed: 1 Is communicative or deliberative rationality conceptually different from strategic rationality? 2 Is it empirically plausible as an explanatory principle for collective actions (and specially for those of social movements? 3 Is it more defensible from a normative point of view?

    La teoría de la acción colectiva, tal y como fue formulada por Mancur Olson en 1965, se basaba en un concepto instrumental-estratégico de la racionalidad que ha sido el habitualmente utilizado en la teoría de la elección racional estándar. Diversos teóricos sociales (como Habermas o Elster han tratado de desafiar esta concepción postulando un concepto alternativo de racionalidad que se base en la deliberación o la argumentación racional. En este artículo se discute hasta qué punto tales intentos han tenido éxito a la hora de ofrecer una alternativa teórica real a la racionalidad estratégica como mecanismo de generación y coordinación de las acciones colectivas. Para ello se plantearán tres cuestiones: 1 ¿Es la racionalidad comunicativa o deliberativa conceptualmente diferente de la racionalidad estratégica? 2 ¿Es empíricamente plausible como principio explicativo de las acciones colectivas, y especialmente de las de los movimientos sociales? 3 ¿Es normativamente más defendible?

  4. Organizational influence on the occurrence of work accidents involving exposure to biological material La influencia de la organización en la ocurrencia de accidentes de trabajo con exposición a material biológico Influência organizacional na ocorrência de acidentes de trabalho com exposição a material biológico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Helena Palucci Marziale

    2013-02-01

    la primera etapa, se analizaron las características de los accidentes de trabajo con exposición a material biológico entre el personal de enfermería del hospital, ocurridos a lo largo de siete años, registrado en la base de datos. En el segundo paso, se analizaron las percepciones sobre la cultura de la institución de 122 profesionales de enfermería asignados al grupo control (no lesionadas trabajadores y al grupo de casos (los trabajadores lesionados. RESULTADOS: 386 accidentes fueron reportados; las lesiones percutáneas en el 79% de los casos, las agujas fueron los materiales que intervienen en el 69,7% de los accidentes y el 81,9% de los accidentes hubo contacto con sangre. En cuanto a la influencia de la cultura organizacional en la ocurrencia de accidentes, los resultados obtenidos del análisis de los dos grupos no mostraron diferencias significativas entre las puntuaciones medias asignadas por los empleados para cada categoría de la organización o en la práctica. La conclusión es que los accidentes con exposición a material biológico deben ser evitados. Sin embargo, no fue posible verificar la influencia de los valores de la organización y las prácticas sobre el comportamiento de los trabajadores ante la ocurrencia de accidentes de este tipo.OBJETIVOS: analisar os acidentes de trabalho com exposição a materiais biológicos, ocorridos entre trabalhadores de enfermagem, e avaliar a influência da cultura organizacional sobre a ocorrência desses acidentes. MÉTODO: trata-se de estudo retrospectivo, analítico, realizado em duas etapas em um hospital de ensino integrante da Rede de Prevenção de Acidentes de Trabalho-Repat. Na primeira etapa foram analisadas as características dos acidentes de trabalho com exposição a material biológico registrados entre os trabalhadores de enfermagem do hospital estudado e registrados na banco de dados da Repat, durante sete anos. Na segunda etapa, foram analisadas as percepções sobre a cultura da

  5. As organizações de saúde na perspectiva da complexidade dos sistemas de cuidado Las organizaciones de salud en la perspectiva de la complejidad de los sistemas de cuidado Health organizations in the perspective of complexity of care system

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alacoque Lorenzini Erdmann

    2004-08-01

    Full Text Available A construção de novas práticas de cuidado pressupõe um novo olhar para as organizações de saúde. O objetivo é interpretar o tema da complexidade na saúde e na Enfermagem na perspectiva dos sistemas de cuidado, buscando um repensar das práticas de cuidado no contexto das organizações de saúde. O pensamento complexo traz consigo uma nova maneira de conceber a ação e a condição humana sob diferentes perspectivas. Surge como possibilidade para visualizar o sistema de cuidado como sistema complexo nas suas estruturas e propriedades, nos movimentos de inter-retroações nos espaços organizacionais e nos seus processos auto-organizadores. Espera-se uma ação transformadora das organizações de saúde que considere as ambigüidades, as incertezas e a dinâmica social contemporânea para um viver mais saudável.La construcción de nuevas prácticas de cuidado presupone una nueva mirada a las organizaciones de salud. El objetivo de este ensayo es interpretar el tema de la complejidad en la salud y en Enfermería en la perspectiva de los sistemas de cuidado, buscando un repensar de las prácticas de cuidado en el contexto de las organizaciones de salud. El pensamiento complejo trae una nueva manera de concebir la acción y la condición humana bajo diferentes perspectivas. Aparece como posibilidad para la visualización de un sistema de cuidado como sistema complejo en sus estructuras y propiedades, en los movimientos de inter-retroacciones en los espacios organizacionales y en sus posibles procesos auto-organizadores. Se espera una acción transformadora de las organizaciones de salud que considere las ambigüedades, las incertidumbres y la dinámica social contemporánea para un para vivir más saludable.The construction of new practices of care presupposes a new look for the health organizations. The objective of this text is to interpret the complexity theme in health and in Nurse fields in the care systems perspective, in order to

  6. Impression management e o desempenho organizacional: o caso português

    OpenAIRE

    Borges, Maria de Fátima Ribeiro

    2011-01-01

    O estudo pretende avaliar o impacte do desempenho organizacional na adopção de estratégias de impression management. O estudo apresenta uma análise de conteúdo de 45 cartas do Presidente do Conselho de Administração, contidas nos relatórios e contas anuais de 2010, das empresas Portuguesas não financeiras. Os resultados indicam que o desempenho organizacional não influencia a adoção de estratégias de impression management. Consistente com a teoria psicológica social de im...

  7. Comprometimento e consentimento organizacional: um estudo da validade discriminante dos construtos

    OpenAIRE

    Peixoto, Adriano de Lemos Alves; Bastos, Antônio Virgílio Bittencourt; Soares, Icléia Santos Dorea; Lobo, Júlia Rodrigues

    2015-01-01

    O comprometimento organizacional é um dos tópicos de pesquisa mais investigados no campo do comportamento organizacional e a gênese da sua importância reside no reconhecimento do amplo poder explicativo do construto. Tendo em vista a aparente sobreposição reportada na literatura entre a dimensão afetiva e a dimensão normativa do comprometimento, foi proposto o construto de consentimento para diferenciar trabalhadores comprometidos (vínculo ativo) de obedientes (vínculo passivo). O presente ar...

  8. El desempeño organizacional y sus relaciones con competencias gerenciales, apoyo organizacional y capacitación

    OpenAIRE

    Brandão, Hugo Pena; Andrade, Jairo Eduardo Borges; Guimarães, Tomás de Aquino

    2012-01-01

    Na pesquisa aqui relatada, objetivou-se verificar a existência de relações preditivas entre as competências expressas por gerentes de agências bancárias, a percepção deles sobre o suporte organizacional, o número de horas dedicadas por eles a treinamentos e o desempenho das agências em que atuam. Valeu-se de questionários estruturados para coleta de dados primários, sendo a amostra constituída por 186 gerentes de agências e 77 superintendentes regionais do Banco do Brasil. Utilizaram-se, tamb...

  9. Clima Organizacional y Salud Psicológica: Una Dualidad Organizacional // Organizational Climate and Psychological Health: An Organizational Duality // Clima Organizacional e Saúde Psicológica: Uma Dualidade Organizacional

    OpenAIRE

    María Margarita Chiang Vega; Sonnia Alexandra Heredia Gálvez; Edwin Javier Santamaría Freire

    2016-01-01

    Este trabajo investiga el clima organizacional desde la perspectiva de las necesidades psicológicas de los trabajadores, ante la carencia de estudios que tiendan a buscar procesos de mejoramiento de la salud psicológica de los trabajadores en las organizaciones, permitiendo profundizar en las implicaciones psicológicas de los trabajadores dentro de organizaciones que no dan prioridad a la generación de un clima organizacional motivador, con muestra de 350 trabajadores de dos organizaciones ec...

  10. Procesos de cambio en organizaciones productivas

    OpenAIRE

    Laverde Carmona, Myriam Patricia

    2008-01-01

    El presente estudio de carácter exploratorio, basado en procesos de cambios en organizaciones productivas, involucra cuatro organizaciones altamente significativas de diferentes sectores de Medellín -- Estas Organizaciones han incursionado en procesos de cambio, donde los trabajadores jugaron un papel importante como partícipes del proceso y de las prácticas realizadas, destacando la participación e integración de los diferentes niveles jerárquicos de la organización en la planeación de activ...

  11. organizaciones

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sara Gordon R.

    2005-01-01

    Full Text Available En el marco del análisis del capital social, el presente artículo aborda el tema de los criterios apropiados para evaluar el papel de la confianza en las asociaciones civiles. Propone dos niveles: por una parte, la capacidad de estas asociaciones de generar confianza interna con rasgos cívicos y de coadyuvar al desarrollo de confianza generalizada y de actitudes y conductas cívicas; por otra parte, reflexiona sobre la conveniencia de utilizar la distinción entre diversos tipos de confianza, a fin de establecer si alguno de ellos favorece más que otros la cooperación y un desempeño satisfactorio acorde con los objetivos fijados por esas asociaciones.

  12. CULTURA ORGANIZACIONAL COMO FATOR COMPLEMENTAR ÀS DIMENSÕES CULTURAIS DE HOFSTEDE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo Moreira Casagrande

    2017-03-01

    Full Text Available Partindo do pressuposto de que a cultura organizacional gera expectativas quanto a comportamentos nas organizações, a temática deste trabalho enquadra-se no campo de estudo de gestão de pessoas e apresenta uma abordagem teórico-empírica que tem o objetivo de analisar eventuais fragilidades teóricas causadas pela negligência do impacto da cultura organizacional na composição das dimensões culturais de Hofstede. Utilizou-se como metodologia uma análise descritiva com base nos resultados obtidos em estudos realizados em três organizações: uma cooperativa de crédito, um banco e um hospital. Os resultados sugerem que, na medida em que cultura organizacional de um determinado setor gera entendimentos partilhados e um senso comum que influencia os comportamentos no ambiente organizacional, deve ser considerada de forma complementar à abordagem das dimensões culturais de Hofstede, a qual concede protagonismo à cultura nacional na sua análise.

  13. Marketing interno e cultura organizacional: um estudo de caso em empresa de multi marcas.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Carlos Giuliani

    2005-04-01

    Full Text Available Não há planejamento que sobreviva, dentro das organizações, a um organismo social sem espírito de equipe, iniciativa, ou atuando sem a definição de valores por seus dirigentes. Em suma, sem diretrizes que componham a sua cultura organizacional. A análise da cultura organizacional permite a identificação de disfunção nos fatores culturais que estão interferindo no clima organizacional e, por conseqüência, no relacionamento entre as pessoas, prejudicando sua produtividade e o bom andamento dos trabalhos. Este estudo objetivou examinar a contribuição da cultura organizacional ao desenvolvimento de programas de marketing interno, filosofia empresarial da área de marketing, buscando o comprometimento dos funcionários com as metas da organização. Como referencial da prática, baseou-se em estudo de caso realizado na Comercial Importadora Ltda., empresa de multimarcas, com 35 funcionários, localizada em Piracicaba – São Paulo. Como resultados, o estudo possibilitou uma análise de como a cultura organizacional contribui para o uso de técnicas de marketing interno, mostrando a aplicabilidade prática dos dois conceitos.

  14. CULTURA DE APRENDIZAGEM E DESEMPENHO ORGANIZACIONAL EM OSCIPS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sérgio Chaves Arruda

    2015-07-01

    Full Text Available O estudo objetiva analisar a relação entre a cultura de aprendizagem e o desempenho em uma organização da sociedade civil de interesse público (OSCIP na cidade de Fortaleza/CE, no tocante ao desempenho financeiro e do conhecimento, com suporte nas percepções dos variados agentes da organização. A base teórica são os fatores definidos por Marsick e Watkins (2003, acerca da relação entre a cultura de aprendizagem e o desempenho organizacional. Para isso, utilizou-se a metodologia quantitativa de pesquisa de natureza descritiva. O questionário utilizado junto aos 211 participantes da pesquisa foi o Dloq-A (YANG, 2003. Os resultados do estudo confirmam as hipóteses estabelecidas, indicando que a cultura de aprendizagem exerce significativa influência no desempenho organizacional no Instituto, na percepção dos respondentes.

  15. A política científica e tecnológica no Brasil e a racionalidade inovacionista

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tildo José Furlan Junior

    2015-02-01

    Full Text Available A política de ciência e tecnologia no Brasil é permeada atualmente por um viés inovacionista, ou seja, é marcada por ações baseadas em uma racionalidade que compreende a inovação tecnológica no setor empresarial como condição suficiente para a ampliação da competitividade das empresas nacionais e como artificio para a promoção do desenvolvimento econômico e social do país. Este artigo busca debater o recente cenário da inovação tecnológica no Brasil, de modo a propor uma reflexão a respeito das características e limites da política de ciência e tecnologia de viés inovacionista. Para tal, busca revisitar de forma breve a trajetória recente da Política de Ciência e Tecnologia (PCT brasileira, principalmente a partir da segunda metade da década de 1990, a fim de entender sua estrutura e sua dinâmica, suas diretrizes principais, o papel de suas principais instituições e seu arcabouço legal. Diante disso, discute os impactos da PCT no que diz respeito à efetividade da geração de inovações na estrutura econômica brasileira por meio da análise de um importante instrumento estatístico, a PINTEC (Pesquisa de Inovação Tecnológica.

  16. Relação das capacidades dinâmicas, inovação social e o desempenho organizacional na cadeia vitivinícola da Região da Serra gaúcha

    OpenAIRE

    Menegotto, Margarete Luisa Arbugeri

    2015-01-01

    As alterações ocorridas mundialmente, juntamente à crescente competitividade entre as organizações, a elevação da quantidade de informações e a maior velocidade com que elas são transmitidas são fatores que influenciam na maneira das organizações gerirem suas atividades. Neste cenário, percebem-se movimentos entre as organizações no sentido de evidenciarem os relacionamentos como fator competitivo. Com base na revisão da literatura sobre os temas de inovação social, capacidades dinâmicas e de...

  17. Horizonte de racionalidade acerca da dependência de drogas nos serviços de saúde: implicações para o tratamento The horizon of rationality about drug dependency in health services: implications to the treatments

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela Ribeiro Schneider

    2010-05-01

    Full Text Available O artigo refere-se à discussão de pesquisa baseada em metodologia de análise de conteúdo, cuja meta é explicitar o horizonte de racionalidade dos serviços de atenção aos usuários de álcool e outras drogas na Região da Grande Florianópolis, objetivando contribuir no estabelecimento de parâmetros qualitativos na avaliação de serviços de saúde. Verificou-se a existência de concepção hegemônica acerca do fenômeno da dependência de drogas e do modo de intervenção no fenômeno, síntese de racionalidades diversas e, algumas vezes, contraditórias entre si. Tal concepção centra seu modelo na noção de doença, na meta da abstinência, no busca do controle sobre a adição, operando dispositivos médico-terapêuticos e morais. Nas raízes desta concepção, encontra-se uma perspectiva subjetivista, moralista e psicopatologizante, constituindo-se em visão ahistórica e pouco crítica da produção social em torno do uso de drogas, pautada numa racionalidade de predomínio metafísico, ainda que mesclado com outras racionalidades como a científica. Discute-se a importância de correlacionar o "horizonte de racionalidade" dos serviços de saúde com a problemática da eficácia e eficiência dos tratamentos na área da dependência de drogas.This article refers to the research discussion based on methodology of content analysis, which aims at making explicit the horizon of rationality of the services provided for alcohol users and other drugs in the Great Florianópolis region, to contribute to the establishment of qualitative parameters in the evaluation of health services. It was verified that there is a hegemonic conception about the drugs dependence phenomenon as well as the way to intervene in this phenomenon, synthesis of different and, sometimes, contradictory rationalities. The model of this conception is based on the notion of disease, on the pursue for abstinence, on the struggle to control de addiction, operating

  18. Competências e Desempenho de Organizações Varejistas: um estudo na visão baseada em recursosCompetences and Performance of Retail Business: a study based on resourceCompetencias y Desempeño de las Organizaciones Minoristas: un estudio en la visión basada en recursos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    MACIEL, Cristiano Oliveira

    2009-09-01

    Full Text Available RESUMOUma série de estudos vem se concentrando em evidenciar o peso relativo dos recursos da firma, dos efeitos da indústria, do ano e do país sobre o desempenho organizacional. Esses estudos apontam, quase que invariavelmente, os efeitos da firma como fator de maior poder explicativo para a variação do desempenho. Todavia, são raros os levantamentos que tenham por objetivo ponderar o peso relativo de diferentes recursos e competências sobre quaisquer tipos de resultados organizacionais. Investigações dessa natureza são mais raras ainda na área de varejo. Decorre daí a proposta da presente investigação, que é avaliar a influência de diferentes competências funcionais do varejo de vestuário sobre o desempenho de empresas de pequeno porte. Para consecução do objetivo do estudo foi realizado um survey que envolveu 119 empresários do setor de varejo de vestuário em Curitiba. Na análise dos dados os resultados de um modelo de regressão múltipla, que incorporou competências funcionais como variáveis independentes e desempenho como variável dependente colocou em evidência a importância da competência funcional gestão de recursos humanos na explicação da heterogeneidade de desempenho das organizações em estudo. Por fim, são apontadas possíveis explicações em relação aos resultados do levantamento.ABSTRACTA range of studies has been focused on highlighting the relative weight of the firm resources, effects of the industry, year and the country on organizational performance. These studies indicate that almost invariably the effects of the firm are the factor of greater explanatory power to the variation in the performance. But there are rare surveys that seek to consider the relative weight of various resources and competences on any types of organizational results. Investigations of this kind are rare even in the area of retail. The objective of this research is to evaluate the influence of different functional

  19. Estudo do impacto de um curso MBA Gestão em Saúde na modernidade organizacional de clínicas oftalmológicas Study of the impact of a MBA Administration in Health course on the organizational modernity of ophthalmologic clinics

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manuel Meireles

    2005-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Pesquisa no campo da aprendizagem de competências que busca investigar o impacto da aquisição de novas competências individuais dos responsáveis de clínicas oftalmológicas, por meio de um curso MBA Gestão em Saúde, na modernidade organizacional de clínicas oftalmológicas. MÉTODOS: Levantamento utilizando questionários aplicados a alunos e ex-alunos do curso e a gestores de clínicas oftalmológicas não vinculados ao curso (n=30 cada um. A análise foi feita por meio de métodos estatísticos: r de Pearson e Q de Yule; testes t de Student, da soma de séries, da mediana e teste U de Mann-Whitney. RESULTADOS: Observou-se correlação linear e positiva entre a excelência do MBA Gestão em Saúde e o desenvolvimento de capacidades dos alunos veteranos (correlação rho de Spearman em nível de 0,01; há diferença significativa (0,0364, pelo teste de Mann-Whitney, entre alunos veteranos e alunos calouros, quanto à necessidade de se ampliar as capacidades individuais que o curso MBA Gestão em Saúde fornece, aos demais funcionários operacionais das clínica oftalmológicas; e há diferença significativa (0,0057, pelo teste de Mann-Whitney, entre alunos veteranos do curso MBA Gestão em Saúde e alunos calouros quanto à importância da modernidade organizacional para as clínicas oftalmológicas. CONCLUSÕES: Os resultados obtidos são consistentes, de forma geral, com o modelo proposto: a excelência do MBA Gestão em Saúde contribui significativamente para a modernidade organizacional, para o desenvolvimento de competências dos alunos egressos e ainda de forma substancial para a percepção de hiatos organizacionais.PURPOSE: Investigations in the field of the learning competence that investigate the impact of the acquisition of new individual competence of those responsible for ophthalmologic clinics, by means of a MBA Administration in Health course, on the organizational modernity of ophthalmologic clinics. METHODS

  20. Estrutura organizacional para a difusão da produção mais limpa: uma contribuição da metodologia seis sigma na constituição de redes intra-organizacionais Organizational structure for cleaner production diffusion: a contribution of the six sigma methodology to the creation of intra-organizational networks

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rogério Cerávolo Calia

    2006-12-01

    Full Text Available A "Produção Mais Limpa" é uma metodologia criada para aumentar a sustentabilidade ambiental das manufaturas. Devido a sua importância para o desenvolvimento sustentável, a Produção Mais Limpa foi amplamente promovida pela Organização das Nações Unidas e por diversas redes de organizações visando à difusão desta metodologia. No entanto, após mais de dez anos de atuação, estas redes para a difusão da Produção Mais Limpa têm se confrontado com significativas e recorrentes barreiras organizacionais que limitam seu desempenho. Utilizando-se do referencial teórico de "organizações em rede" no contexto da inovação, este artigo se baseia num aprofundado estudo de caso sobre uma estrutura organizacional em rede dentro de uma empresa multinacional que opera dezenas de manufaturas em diversos países. Esta empresa triplicou o desempenho ambiental em toneladas de poluição prevenidas e multiplicou em oito vezes o número de projetos de Produção Mais Limpa bem sucedidos, após ter implementado uma estrutura organizacional em rede para aumentar sua capacidade de gerenciar projetos para a melhoria de processos. Para explicar os motivos de tal aumento de desempenho ambiental, o artigo utiliza a metodologia de modelagem organizacional Enterprise Knowledge Development (EKD para descrever as interações entre os objetivos, regras e processos do Programa de Produção Mais Limpa desta corporação, assim como as suas estruturas de relacionamento entre os atores que viabilizaram a integração das competências necessárias para a geração de uma maior capacidade de inovação ambientalmente sustentável nas manufaturas.Cleaner Production is a methodology to improve environmental sustainability in manufacturers. Due to its importance for sustainable development, the United Nations and many regional networks have taken on the responsibility to diffuse Cleaner Production methodology. After more than ten years of activity, however, these

  1. El desarrollo organizacional como facilitador del cambio

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Henry Molina

    2000-01-01

    Full Text Available El Desarrollo Organizacional (DO ha surgido de las exigencias de un ambiente cambiante y del conocimiento originado por la evolución de las ciencias sociales aplicadas. Los cambios rápidos dentro del entorno organizacional han exigido procesos y estructuras organizacionales que sean mucho más flexibles y que brinden mayor capacidad de respuesta que las estructuras tradicionales. Se requieren nuevas capacidades individuales y organizacionales que puedan impulsar las iniciativas individuales y la disposición para asumir riesgos. Igualmente, debemos considerar que existen marcadas diferencias entre las características individuales de los gerentes, las características individuales de los profesionales del desarrollo organizacional, sus habilidades y conocimientos y los estilos de las intervenciones del desarrollo organizacional. Tbdas estas diferencias hacen que sea virtualmente imposible predecir con precisión el curso y los resultados de las intervenciones en las organizaciones cliente. En este documento presento un resumen de lecturas acerca del desarrollo organizacional como facilitador del cambio; y expongo un marco de referencia para la comprensión de los factores determinantes de la relación entre las intervenciones del DO y los cambios organizacionales con el fin de mejorar la predictabilidad y la efectividad de los esfuerzos de cambio de sus intervenciones. El propósito central de este documento es dotar a los agentes de cambio de conocimiento y herramientas para que comprendan las características del cambio, los métodos de aprendizaje tanto de las organizaciones como de la gente y de cómo los agentes de cambio deben diseñar sus intervenciones y posteriormente mejorar los resultados de las mismas

  2. Redes sociais e conflito organizacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jorge Ávila de Lima

    2016-06-01

    Full Text Available As organizações são redes sociais cujos membros estabelecem entre si ligações de diversos tipos, formais e informais, positivas e negativas. O conflito entre atores é um processo comum que pode ser explicado com base num conjunto diverso de fatores. Contudo, o conflito interno às organizações tem sido pouco estudado, numa perpetiva de redes sociais. Para além disto, o conflito interorganizacional, analisado ao nível dos atores individuais, tem sido ainda menos estudado. No presente artigo, procuramos abordar o modo como as redes sociais das organizações estão associadas a perceções de conflito, quer intra-organizacional, quer interorganizacional, num contexto de proximidade física entre organizações. O estudo empírico, que envolveu duas organizações que partilhavam o mesmo espaço físico, mostra que, apesar da grande proximidade espacial entre ambas, os laços de amizade tendiam a concentrar-se no interior de cada organização e as perceções de conflito eram maiores entre as organizações do que no interior das mesmas. Os resultados são discutidos à luz das teses sobre os efeitos da propinquidade física sobre a atração interpessoal entre membros de grupos distintos

  3. CONFLITOS INTERPESSOAIS NO AMBIENTE ORGANIZACIONAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gabriela Paganini de Souza

    2014-07-01

    Full Text Available O presente artigo analisa e confirma a existência de impactos ocasionados pelos conflitos em um ambiente organizacional, através de pesquisa de campo realizada a partir de um estudo de caso e a comparação com a literatura adotada. A empresa escolhida foi abordada a partir de questionários, que foram respondidos pelos colaboradores e também pelo gestor. Percebeu-se que esses impactos são complexos de mensurar, principalmente os financeiros, que normalmente ficam ocultos por muito tempo. Entretanto, não se pode negar sua existência, pois estes tendem à piorar quando não são considerados.  Foi observado com a pesquisa que a conduta adotada para intermediar os conflitos está diretamente ligada ao sucesso de impedir impactos negativos aos indivíduos e à organização como um todo. Essas condutas, quando bem aplicadas podem contribuir reverter o impacto de um conflito, fazendo com que ele seja um fator motivador de mudanças e um estímulo para que os indivíduos demonstrem seus potenciais.

  4. GERENCIA DE LAS ORGANIZACIONES EDUCATIVAS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Evaristo Méndez Quintero

    2012-11-01

    Full Text Available Este artículo tiene por objetivos: 1 analizar el concepto de gerencia académica o educativa, 2 analizar la evolución histórica y coyuntural de esta disciplina en las instituciones educativas, en particular de la Universidad del Zulia. 3 proponer un modelo de gestión del cambio educativo basado en la innovación. La metodología utilizada fue cualitativa, con un diseño documental, analítico, histórico y de prospectiva. Se concluye que las organizaciones educativas, especialmente las universidades presentan una gerencia ejecutiva, normativa, empirista y voluntarista que si bien ha dado resultados en el tiempo, impide asimilar los cambios tecnológicos, científicos, epistemológicos y organizacionales necesarios para que puedan estar a la vanguardia del desarrollo. Se propone la constitución de un sistema gerencial estratégico que permita lograr la eficacia, la eficiencia, la efectividad y la calidad de la educación.

  5. Organizaciones sociales y desarrollo local

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis Inostroza Fernández

    2010-01-01

    Full Text Available En este trabajo se analizan dos temas de gran interés: por una parte, las organizaciones sociales y, por la otra, el desarrollo local, ambas tienen relación directa con la política de desarrollo. Estos temas estarán presentes en todo el desarrollo del presente texto. En este siglo XXI la política de desarrollo estaá muy condicionada por las relaciones internacionales de lucha contra la pobreza; tendrá que aumentar la ayuda internacional en casos de hambrunas y catástrofes, producto del calentamiento global, así como del problema de la migración, las guerras locales y el peligro de una guerra global. La idea es no seguir con el desarrollo con destrucción. La política de desarrollo debe dar soluciones para los países pobres y ricos; ello exige un análisis especial de las megatendencias: globalización, transnacionalización y regionalización, tres escenarios claves del mundo contemporáneo que nos hacen pensar en una forma de soluciones planetarias, que favorezcan el desarrollo de una capacidad de gobierno a escala mundial; es decir, una gobernanza global que actúe en las coyunturas conflictivas, en situaciones de guerras locales y ante el problema del calentamiento global (manejo de una capacidad de gobierno global, una gobernabilidad activa y un proyecto de gobierno mundial.

  6. Las organizaciones redefinen su futuro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Manucci

    2015-01-01

    Full Text Available La propuesta considera la comunicación estratégica como un espacio tan rico como incierto y donde las subjetividades en interacción van trazando una red especial de conceptos. En este trabajo se explora una metodología para el desarrollo de intervenciones en comunicación. El modelo está basado en una plataforma de tecnología que permite, a través de un software, analizar alternativas y trazar nuevos cursos de acción para las acciones de la organización. El modelo consta de cuatro estructuras (matrices. Tres son de aplicación de procesos internos y la cuarta es una estructura de control de los resultados. Se concluye en que el encuentro entre la cultura y la tecnología en las organizaciones permite una plataforma para trazar caminos alternativos y construir el futuro a partir de subjetividades compartidas.

  7. Acessibilidade organizacional de crianças com paralisia cerebral à reabilitação motora na cidade do Recife Organizational access to motor rehabilitation for children with cerebral paralysis in the city of Recife

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aleide Karine Vieira Tôrres

    2011-12-01

    Full Text Available OBJETIVOS: caracterizar acessibilidade organizacional de crianças com paralisia cerebral aos serviços de reabilitação motora. MÉTODOS: estudo descritivo, retrospectivo, censitário, efetuado de janeiro a junho/2009, em três serviços de reabilitação do Recife. Participaram 38 menores de cinco anos, portadores do agravo, residentes no Recife. Utilizou-se questionário para obter informações de acompanhantes e prontuários das crianças. As variáveis foram descritas segundo serviço atual, primeiro serviço utilizado e número de serviços utilizados. RESULTADOS: entre os acompanhantes, 94,7% eram responsáveis pela criança (76,3% mãe e 68,4% das crianças tinham entre 25-59 meses de idade. Metade usou mais de um serviço, ocorrendo utilização simultânea em 26,3%. Para 28,2% reabilitação iniciou-se mais de seis meses após diagnóstico. As crianças foram encaminhadas por médico (75,8% e 86,4% tiveram um tempo máximo de espera para primeira consulta com fisioterapeuta de 30 dias. As responsáveis encontraram dificuldade para agendar primeira consulta (68,4%. Uma maior dificuldade para continuar fisioterapia foi identificada entre aqueles que usaram de dois e mais serviços. CONCLUSÕES: constatou-se demanda reprimida. Utilização de mais de um serviço e superposição de serviços sugeriram insatisfação com atenção. Os processos políticos e organizacionais voltados à estruturação do sistema de referência/contrarreferência necessitam priorização.OBJECTIVES: to characterize organizational access to motor rehabilitation services for children with cerebral paralysis. METHODS: a descriptive, retrospective, censusbased study, carried out between January and June 2009, at three rehabilitation services in Recife. The study covered 38 children aged less than five years, with the disorder, residing in Recife. A questionnaire was used to obtain information from the individual accompanying the child and the child's medical

  8. ENTRAVES CULTURAIS DE APRENDIZAGEM ORGANIZACIONAL NO CONTEXTO DA GESTÃO SOCIAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela Meirelles Andrade

    2012-09-01

    Full Text Available O objetivo deste ensaio teórico é identificar elementos culturais que dificultam o processo de aprendizagem organizacional, voltado para o constructo teórico da gestão social. Para tanto, o texto foi divido em quatro partes. Na primeira, são abordados aspectos relativos ao conceito de gestão social diferenciando-a de outros modelos de gestão. Na segunda parte são apresentadas noções de aprendizagem organizacional, focalizando a importância do capital social e da formação de redes sociais. Na terceira parte são identificados os entraves culturais vivenciados pela aprendizagem organizacional, os quais limitam o desenvolvimento da gestão social. Na última parte sinaliza-se para possíveis iniciativas de superação dos entraves identificados. Entre eles: a realização de pesquisas etnográficas e a promoção de trabalhos de pesquisa com equipes multidisciplinares. Acredita-se que a associação de estudos focando a abordagem cognitivista e a socioprática seria uma alternativa, pois é possível trabalhar em um sentido complementar, englobando aspectos sociais, históricos e cognitivos.

  9. Aprendizagem organizacional em bibliotecas acadêmicas: uma revisão sistemática

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marouva Fallgatter Faqueti

    2017-01-01

    Full Text Available Resumo O tema Aprendizagem Organizacional (AO em bibliotecas acadêmicas no Brasil é pouco explorado e as publicações que apresentam resultados de estudos empíricos são incipientes. Considerando a importância de aprofundar os estudos na área, foi realizada uma revisão sistemática na literatura visando identificar e analisar como o tema de AO, relacionado ao contexto das bibliotecas acadêmicas, vem sendo abordado em estudos empíricos no período de 2005 a 2015. Para a análise, foram selecionados 16 artigos. As áreas temáticas abordadas nos estudos se concentram em: AO enquanto processo (aprendizagem individual, grupal e organizacional; relacionamentos da AO com a gestão do conhecimento; gestão da informação e avaliação institucional; impactos da cultura organizacional sobre AO e capacidade de aprendizagem organizacional. Quanto aos procedimentos metodológicos utilizados, o uso de abordagens quantitativas prevalece. A síntese dos resultados descritos nos artigos aponta para: a a relevância da cultura da aprendizagem, da cultura organizacional e do estilo da liderança para a AO e o desempenho das bibliotecas; b a importância da aprendizagem individual e grupal para se alcançar a AO; c as comunidades de aprendizagem (em redes intra e interdepartamental e comunidades de prática como significativas para gerar e transferir conhecimentos adquiridos; d baixa AO a partir de processos de avaliação institucional.

  10. Liderazgo y cultura organizacional en Latinoamerica

    OpenAIRE

    Rivera González, Luis

    2016-01-01

    El presente estudio de corte descriptivo hace una revisión teórica de 68 artículos de 11 países de Latinoamérica con el fin de dar a conocer el panorama organizacional con relación a la cultura organizacional y el liderazgo en la región y cómo este ha ido evolucionando en el tiempo. La metodología utilizada se enfocó en un conteo de frecuencias usando el modelo de liderazgo y cultura organizacional de Bass y Avolio (Bass, 1999) permitiendo ordenar en tres estilos de liderazgo la información e...

  11. Sobre a objetividade na relação sujeito-objeto no plano da imagem ou da esfera instrumental/organizacional: um ponto de vista para a pesquisa na enfermagem Sobre la objetividad en la relación sujeto - objeto en el plan de la imagen o de la esfera instrumental/organizacional: un punto de vista para la investigación en la enfermería About the objectivity in the subject-object relationship in the image’s plan or in the instrumental/organizational scope: a point of view for the nursing research

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vilma de Carvalho

    2008-06-01

    Full Text Available Discussão sobre a objetividade na relação sujeito-objeto - âmbito do fenômeno do conhecimento e pesquisas/estudos de enfermagem. A abordagem teórico-filosófica incide sobre a esfera intermediária - instrumental/organizacional - relativamente a possíveis verdades aproximadas. Essa esfera entendida como esfera da "imagem" ou espaço formal ( locus virtual? de transferência de caracteres da realidade objetiva. A análise de natureza gnoseológico-epistemológica, sem pretensões aprofundadas, salvo o alcance da compreensão para estudos ou buscas investigativas em plano de núcleos de pesquisa na enfermagem. A autora assume a crítica em favor do domínio de conceitos e categorias do conhecer e relativamente à enfermagem enquanto "ciência-em-vias-de-se-fazer". Aponta para o risco de confundir-se, de um lado, o plano pragmático/ assistencial (trabalho e operações práticas e, de outro, o plano gnoseológico/epistemológico (trabalho teórico-acadêmico de buscas de verdades aproximadas. E apresenta argumentos/justificavas lógicas para as distinções entre interesses do sujeito pesquisador (plano da Subjetividade e outros apropriados à construção científica (plano da Objetividade.Discusión sobre la objetividad en la relación sujeto-objeto, ámbito del fenómeno del conocimiento / interés de la investigación/ estudios de enfermería. El abordaje de efecto teórico-filosófico incide sobre la esfera intermedia - instrumental/organizacional - relacionada con la formalización de posibles verdades aproximadas. Esa esfera entendida como esfera de la "imagen" o espacio formal de transferencia de determinaciones o caracteres del real objetivo. El análisis es de naturaleza gnoseológicoepistemológica, sin pretensiones profundas, salvo el alcance de comprensión para estudios o indagaciones en el plano de núcleos de investigación en enfermería. La autora hace la critica en favor de conceptos y categorías del conocer y en lo que

  12. A racionalidade da economia de comunhão e responsabilidade socioambiental: a gestão organizacional influenciada por valores espirituais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valdir Fernandes

    2010-01-01

    Full Text Available This paper discusses the influence of spiritual values in the insertion of socio-environmental dimensions in management processes. A critical analysis of the socio-economic experience named Communion Economy is presented, which highlights the spiritual, ethical and moral values in this economy as inherent motivators of social and environmental considerations. It is a sui generis experience, born within the limits of a religious movement, the Movement of Focolares. It is currently active in 735 companies, mostly small ones, located in several countries, which operate in various economic activities and aggregate a dimension of solidarity to their formal market activity. The considerations presented here reveal a management form based not only on criteria of instrumental rationality (effectiveness, income and performance but also on dimensions of substantive rationality (ethical, aesthetic and moral.

  13. Mapuches en la mira de las racionalidades políticas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Olaf Kaltmeier

    2005-06-01

    Full Text Available En este ariícuio exploramos las perspectivas de la utiiización de los conceptos de poder y dominación de Michel Foucault aplicándolos a la relaciones inter-étnicas entre los mapuche y los conquistadores españoles y el Estado chileno respectivamente. No sólo fijándonos en la diferencia entre el poder soberano y el poder disciplinario proponemos abrir la discusión con el concepto foucauldiano de la gubernamentalidad hacía múltiples formaciones de poder históricas-espaciales. En este sentido podemos distinguir las formaciones siguientes según sus racionalidades políticas: poder soberano, poder pastoral y razón del Estado, la comunidad pura, la sociedad disciplinada, gubernamentalidad neoliberal.

  14. Racionalidade limitada e a tomada de decisão em sistemas complexos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    TATIANA MASSAROLI MELO

    2016-09-01

    Full Text Available RESUMO: Este artigo tem o objetivo de apresentar o modelo comportamental de racionalidade limitada proposto por Herbert Simon para analisar o processo de tomada de decisão dos agentes em sistemas complexos, marcados pela não ergodicidade e pelo desenvolvimento de trajetórias em aberto. O artigo apresenta a noção de escolha logicamente consistente em contraponto à análise axiomática proposta pela teoria neoclássica. Propõe o uso de modelos de simulação em computador do tipo agent-based modeling (ABM como um instrumental adequado à análise de sistemas complexos.

  15. Desempenho organizacional e suas relações com competências gerenciais, suporte organizacional e treinamento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hugo Pena Brandão

    2012-12-01

    Full Text Available Na pesquisa aqui relatada, objetivou-se verificar a existência de relações preditivas entre as competências expressas por gerentes de agências bancárias, a percepção deles sobre o suporte organizacional, o número de horas dedicadas por eles a treinamentos e o desempenho das agências em que atuam. Valeu-se de questionários estruturados para coleta de dados primários, sendo a amostra constituída por 186 gerentes de agências e 77 superintendentes regionais do Banco do Brasil. Utilizaram-se, também, dados secundários sobre o desempenho das agências em seis dimensões: resultado econômico, estratégia e operações, sociedade, clientes, processos e comportamento organizacional. Foram realizadas análises de regressão padrão para teste do modelo de investigação. As competências relativas à gestão estratégica e à gestão financeira revelaram-se preditoras de diferentes dimensões do desempenho das agências. Outras competências (gestão de processos e gestão socioambiental, o número de horas dedicadas a treinamentos e a percepção dos gestores acerca das práticas de gestão de desempenho da empresa (uma dimensão do suporte organizacional apresentaram efeitos menos abrangentes. Depois de isolados os efeitos de variáveis de controle, as variâncias explicadas pelos referidos preditores situaram-se entre 2,2% e 6,8%. Recaiu sobre o desempenho da agência na perspectiva clientes o menor percentual de explicação e sobre o desempenho nas perspectivas resultado econômico e estratégia e operações a maior variância explicada. Ao final, são discutidas implicações dos resultados e apresentadas recomendações práticas.

  16. Compreender as racionalidades leigas sobre saúde e doença Understanding lay rationalities about health and illness

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luisa Ferreira da Silva

    2011-12-01

    Full Text Available A ciência é uma forma de conhecimento que foi instituída como a forma de conhecer a verdade única e universalmente válida, assente nas questões epistemológicas e nos critérios de rigor metodológico. O saber leigo, popular, que preenche a vida e orienta a ação quotidiana, busca o significado através do simbólico cultural, no que é o oposto do conhecimento científico. A questão das possibilidades de conhecimento sobre a realidade social situou o debate nos modos de produção de conhecimento e na consequente contingência dessas mesmas produções, o que sustenta a afirmação de que todas as formas de conhecimentos são válidas nos seus contextos de produção. Em matéria de saúde e doença, a produção sociológica tem desvendado os conteúdos do saber leigo e a sua incontestável presença na experiência individual, desde a percepção dos fenômenos no corpo até a relação com a instituição médica. Este texto parte de uma reflexão sociológica sobre a questão do conhecimento. Em seguida, revê o essencial da literatura sociológica sobre o saber leigo de saúde e doença. Finaliza com uma proposta de compreensão dos processos do saber leigo como racionalidades que, na forma de configurações de elementos interdependentes, sustentam as práticas de saúde na vida quotidiana.Science is the form of knowledge that has been established as a way to know the only and universally valid truth, based on the epistemological questions and criteria of methodological rigor. The lay knowledge that fills life and guides daily actions, seeks meaning through the symbolic cultural, as opposed to scientific knowledge. The issue of knowledge possibilities about the social reality placed the debate on ways of knowledge production and the consequent contingency of those productions, which substantiates the claim that all forms of knowledge are valid in their context of production. In terms of health and illness, the sociological

  17. Um estudo da estrutura organizacional e as mudanças organizacionais: proposta de um novo modelo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Clara Fraga da Costa

    2012-03-01

    Full Text Available O estudo apresenta como objetivo a proposição de novo modelo de estrutura organizacional, frente às mudanças impostas pela atualidade. A partir de pesquisa bibliográfica sistematizada, evidenciou-se a evolução das estruturas organizacionais dentro da literatura existente sobre o tema. A nova proposta foi denominada estrutura organizacional por conjunto e utiliza a base gráfica de união de conjuntos matemáticos e teóricos sobre a estrutura organizacional de hipertexto.  Ela está fundamentada na ideia de adequação às mudanças e exigência de sustentabilidade das empresas, levando em consideração a possibilidade de crescimento dentro de um ambiente turbulento.

  18. Trabalhador: ser social ou elemento sistêmico? Um estudo bibliográfico crítico sobre a visão de trabalhador na teoria organizacional e administrativa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Holanda Nepomuceno

    2009-12-01

    Full Text Available

    Apresenta-se uma reflexão crítica sobre a visão de trabalhador presente no pensamento de Taylor, tendo em vista ser a sua obra um dos fundamentos do pensamento administrativo desenvolvido ao longo do recente século XX. Teve-se em vista, também, compreender a atualidade (ou não do pensamento taylorista analisando um tema bastante propagado pela literatura gerencialista contemporânea: o tema das organizações que aprendem e seus corolários. Dentre os resultados tem-se, na obra de Taylor: (i um trabalhador que sabe o todo, mas que deve saber só parte; (ii um trabalhador eficiente somente enquanto elemento sistêmico. Como síntese provisória tem-se a seguinte proposição: as produções sobre organizações que aprendem atingem discursivamente os princípios deflagrados por Taylor onde (i o sistema sabe, o trabalhador não; e (ii a eficiência decorre do ajuste do trabalhador ao sistema que aprende. O conceito de organizações que aprendem exemplifica a dinâmica do capitalismo como “um sistema que opera mudanças [...] articulando e reinterpretando conceitos, conferindo-lhes múltiplos significados”; que inova (sem mudar os princípios como “possibilidade de conhecimento/intervenção numa realidade que é dada pelos movimentos cíclicos de auto-gênese do capitalismo” (MARTINS, 1997, p. 2. Neste sentido, as bases do pensamento administrativo lançadas por Taylor se mostram bem atuais.

  19. Modelo alternativo para diagn?stico do clima organizacional em institui??es de ensino

    OpenAIRE

    Montes, Ant?nio da Concei??o

    2015-01-01

    Embora perten?am a um mesmo sistema social, as organiza??es governamentais e comerciais, entre outras, possuem comportamentos e ambientes internos diferentes. As institui??es de ensino, por exemplo, diferem das outras organiza??es, n?o s? na arquitetura, mas tamb?m no clima interno e na cultura. O presente trabalho tem como objetivo, verificar e discutir um modelo de question?rio adequado para avalia??o do clima organizacional em institui??es de Ensino Superior. A avalia??o deste instrumento ...

  20. Hospitalidade Organizacional: Panorama Teórico-Empírico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Alberto Carvalho dos Santos Claro

    2015-10-01

    Full Text Available O objetivo deste texto é o de apresentar as discussões teórico-conceituais sobre Hospitalidade, particularmente a vertente da Hospitalidade Organizacional (HO, que se ocupa das relações hospitaleiras no ambiente do espaço de trabalho. Trata-se de um estudo exploratório, baseado em revisão bibliográfica, seguida de pesquisa de campo por meio de levantamento junto a gestores de pessoas (especialistas ou juízes, sobre o entendimento do tema, visando contribuir para a futura criação de escala de medida para quantificar o grau de HO em uma organização. Como resultado, apresenta-se contribuição teórica para o amadurecimento desta tendência organizacional e indicadores que poderão ser futuramente usados em estudos empíricos e na construção de um instrumento com escala validada para ser utilizada em organizações em qualquer setor de atividade econômica. Palavras-chave: Hospitalidade. Hospitalidade Organizacional. Gestão de Pessoas.Organizational Hospitality: Theorical and Empirical Developments This paper aim is to present the theoretical and conceptual discussions about hospitality, particularly the  Organizational Hospitality (OH, which is concerned with the hospitable relations in the workplace. It’s an exploratory study, based on literature review and field survey with people managers (experts or judges about their understanding about the question. The result indicates that the development of organizational indicators could be used in future empirical studies and to the construction of a validated scale that can be used in any sector of the economic activity. Keywords: Hospitality. Organizational Hospitality. People Management. Indicators.José Alberto Carvalho dos Santos Claro – Doutor. Professor Adjunto da Universidade Federal de São Paulo [UNIFESP], Campus Baixada Santista, Santos, SP. Endereço Lattes http://lattes.cnpq.br/0865792662046289 E-mail: albertoclaro@albertoclaro.pro.br  

  1. Estrategia organizacional: una propuesta de estudio

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ángela Lucía Noguera Hidalgo

    2014-01-01

    Full Text Available El concepto de estrategia en el contexto de las organizaciones empresariales es uno de los temas que genera gran interés en los asuntos del management. Sin embargo, la proposición de nuevos enfoques no ha aportado significativamente al avance en el estudio de este concepto. El estancamiento se hace evidente, razón por la cual el presente documento esboza una propuesta que reúne algunos de los retos para el estudio de la estrategia. En él se presenta una revisión que deja por sentados los posibles caminos a seguir, los cuales contribuyen a la perdurabilidad de las organizaciones.

  2. O problema do conhecimento verdadeiro na epidemiologia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ayres José Ricardo de Carvalho Mesquita

    1992-01-01

    Full Text Available São examinadas as bases filosóficas da validação do conhecimento científico, com o intuito de estabelecer uma visão crítica a respeito da adoção das proposições de Popper na epidemiologia. Ressalta-se o caráter conservador que resulta das limitações técnicas implicadas na sua adoção, não obstante o evidente aumento da racionalidade e da criatividade heurística que propicia.

  3. Arquitectura y rediseño organizacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Eduardo Martínez Fajardo

    2000-12-01

    Full Text Available En el presente artículo se identifican los criterios básicos del análisis de la estructura formal de las organizaciones, y a partir de desarrollos recientes de la teoría de las organizaciones, se analizan tres perspectivas nuevas del análisis de la estructura: un análisis centrado en las decisiones y compromisos de grupo, un análisis basado en el enfoque sistémico y por último el enfoque sistémico complejo. De este último se destacan criterios de autorganización y autopoyesis y se aplican en relación con el concepto de interacción de la estructura interna con la estructura externa, a través de opciones de estructura en red orientadas a la investigación y al autoaprendizaje. Finalmente se analiza la perspectiva de una estructura híbrida que he denominado PODER-SEEO, (Sistema de Evaluación de Eficiencia Organizacional, la cual se basa en funciones de relaciones verticales y transversales orientadas a la planeación de acuerdo con objetivos de calidad de la producción, eficacia social y sostenibilidad, procesos de organización orientados a la autoestructuracíón, el direccionamiento del desarrollo del potencial humano, autoevaluación de resultados financieros, de eficiencia de los costos de producción y procesos de realimentación en interacción con la estructura externa que orientan las actividades de investigación, aprendizaje e innovación de conocimiento en interacción con una estructura de organizaciones de negocios, del Estado y solidarias

  4. Cultura organizacional y responsabilidad social empresarial: Un enfoque correlacional

    OpenAIRE

    Delgado Cruzado, Marily Karina; Seminario Ortiz, Heber Domingo

    2016-01-01

    RESUMEN La presente investigación tiene como objetivo determinar la forma de relación de la Cultura Organizacional con la Responsabilidad Social Empresarial en una empresa constructora en el periodo 2014 – 2015, teniendo en cuenta que actualmente muchas organizaciones desarrollan en paralelo programas de responsabilidad social empresarial y buscan fortalecer su cultura organizacional, llegando a un encuentro entre estas variables, por lo cual la investigación busca conocer c...

  5. CONHECIMENTO: UM FATOR DE DESENVOLVIMENTO ORGANIZACIONAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adilson dos Santos Morais

    2017-09-01

    Full Text Available Cada vez mais, criar conhecimento útil para atuar em uma posição de vantagem competitiva, orientado para o desenvolvimento organizacional e valorizando o capital humano tem-se demonstrato uma estratégia eficaz. O presente artigo busca apresentar a importância do conhecimento para o desenvolvimento das organizações em âmbito geral com destaque para as comunidades de prática. Esse conhecimento é derivado das interações desenvolvidas em processos de aprendizagem que ocorrem no ambiente organizacional. Para este, realizou-se um estudo teórico, descritivo, que tem como procedimento a pesquisa bibliográfica. Deste modo, apresenta como resultado deste trabalho a evidência de que existem poucos resultados divulgados sobre retorno financeiro e os benefícios dos investimentos realizados no capital intelectual humano pelas organizações. Porém, o conhecimento agrega valor à organização aumentando o valor do capital intelectual e as literaturas sobre o conhecimento e desenvolvimento organizacional consideram o capital intelectual o fator chave para a melhoria nos sistemas estratégicos. Destaca-se que esta contribuição poderá instigar cada vez mais a criação de conhecimento como fator de reconhecimento humano e de desenvolvimento das organizações.

  6. Marketing y responsabilidad social de las organizaciones

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Orlando Salinas Gómez

    1998-02-01

    Full Text Available RESUMEN Una de las consecuencias directas del proceso de globalización es el surgimiento de patrones mundiales de consumo y estilos de vida uniformes que posibilitan a las empresas concebir su desarrollo a escala mundial y formular para ello estrategias globales de producción, comercialización y gestión. Sin embargo, pese a la intención válida de las organizaciones de propender por una transnacionalización de sus productos, el fin no justifica los medios. En efecto, la conquista del mercado no pasa por encima de la responsabilidad social de las organizaciones para crear empleo, ayudar a construir confianza en las instituciones, mantener relaciones laborales basadas en el respeto, cumplir con las obligaciones fiscales, entre otras. En consecuencia. este artículo relaciona el enfoque del marketing estratégico con la responsabilidad social de las organizaciones y sus resultados en términos del desarrollo empresarial en mercados cada vez más globalizados..

  7. Racionalidade e tragédia cultural no pensamento de Max Weber

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renarde Freire Nobre

    2000-11-01

    Full Text Available O texto constitui-se numa série de argumentações a favor da tese de que há uma estreita relação entre racionalidade e tragédia no pensamento weberiano. Tal relação só pode ser desvendada numa modernidade que se apresenta hegemonizada por um "racionalismo de domínio do mundo". Procurarei evidenciá-la relacionando o caráter trágico da cultura ao método racionalista, às racionalizações modernas e à responsabilidade ética.The text argues that there is a close relationship between rationality and tragedy in Weberian thought. Such a relationship can only be understood in the context of modernity which is ruled by a "world domination rationalism". I will try to make this relationship evident by relating the tragic character of culture to the rationalistic method, to modern rationalizations and, finally, to ethical responsibility.

  8. LAS INSTITUCIONES Y SU INCIDENCIA EN EL COMPORTAMIENTO ORGANIZACIONAL

    OpenAIRE

    María Roselia Aira

    2016-01-01

    Esta investigación se centra en establecer la influencia de las instituciones sociales en el comportamiento organizacional. En su desarrollo se recurrió a una estrategia metodológica de tipo descriptiva y documental. Se abordan las conceptualizaciones de institución, organización y comportamiento organizacional, relacionándolos para verificar su incidencia en el estudio. Se concluye que el comportamiento organizacional es vital en las organizaciones para canalizar el entendimiento y control d...

  9. CAPITAL SOCIAL ORGANIZACIONAL BASE DE LA SUSTENTABILIDAD ORGANIZACIONAL PARA EL DESARROLLO AMBIENTAL Y ECONÓMICO

    OpenAIRE

    José G. Vargas-Hernández

    2010-01-01

    Este trabajo analiza la sustentabilidad de las organizaciones que realizan actividades de explotación del tule Thypha spp en la Laguna de Zapotlán y su impacto en el desarrollo socioeconómico y ambiental de los municipios de Gómez Farías y Zapotlán el Grande. La hipótesis inicial delimita el escaso capital social de las organizaciones limita la sustentabilidad del desarrollo, a pesar de que contribuye al crecimiento de ingresos para más de 300 familias de San Sebastián del Sur y en menor esca...

  10. Cultura Organizacional, Estrutura Organizacional e Gestão de Pessoas como Bases para uma Gestão Orientada por Processos e seus Impactos no Desempenho Organizacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nathália de Melo Santos

    2014-01-01

    Full Text Available Este artigo apresenta os principais achados de uma pesquisa que teve como objetivo descrever as relações entre variáveis da estrutura organizacional, cultura organizacional e gestão de pessoas — considerando-se os pressupostos da abordagem de orientação para processos de negócio (Business Process Orientation/BPO — e identificar a relação entre esses construtos e o desempenho organizacional, a partir das quatro dimensões críticas do balanced scorecard: financeira, cliente/mercado, processos/capacidades e aprendizado/crescimento. Foram utilizados dados de uma amostra de 368 empresas brasileiras de médio e grande porte. Por meio da modelagem de equações estruturais, foram analisadas as associações entre os construtos do modelo nomotético proposto. Os resultados apontam para a existência de associações positivas e estatisticamente significativas entre os construtos investigados, à exceção da relação entre o construto estrutura organizacional e desempenho organizacional. Os resultados da pesquisa, inclusive atinentes à associação não tão expressiva entre elementos de estrutura e do desempenho organizacional, sugerem que iniciativas em BPO podem afetar de forma contundente os resultados do desempenho organizacional, ampliando as discussões sobre o tema.

  11. Cultura organizacional, satisfação profissional e atmosfera de grupo = Organizational culture, job satisfaction and group atmosphere

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Santos, Joana Vieira

    2011-01-01

    Full Text Available No presente estudo, transversal, procurou-se destacar a influência da cultura organizacional sobre a satisfação no trabalho dos colaboradores e sobre a atmosfera de grupo. Estas variáveis têm repercussões na realização pessoal dos colaboradores e na produtividade da empresa. Foi nosso objectivo, analisar a influência da percepção da cultura organizacional na satisfação profissional e na atmosfera de grupo numa amostra, de conveniência, de 210 participantes (enfermeiros; professores. Os dados, de natureza quantitativa, foram recolhidos através dum instrumento constituído por três escalas: FOCUS (First Organizational Culture Unified Search (Neves, 2000; Satisfação Profissional (Lima, Vala e Monteiro, 1994 e a Escala de Atmosfera de Grupo (Jesuíno, 1987. Foram também registadas variáveis demográficas dos inquiridos. Os resultados sugerem que a cultura é percepcionada como uma cultura de regras. A cultura organizacional apresenta um elevado valor preditivo da satisfação profissional e da atmosfera de grupo. Estas duas últimas variáveis se correlacionam significativamente

  12. Conceptual reflections about organizational and professional commitment in the health sector Reflexión conceptual sobre compromiso organizacional y profesional en el sector salud Reflexões conceituais sobre comprometimento organizacional e profissional no setor saúde

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eliana Ofelia LLapa-Rodríguez

    2008-06-01

    Full Text Available In the daily exercise of their functions, health professionals face a duality of systems, that is, the professional system and the organizational system, each of which has its own distinct values, principles and expectations. The authors aim to present organizational and professional commitment concepts and their relations in the context of the health sector. They consider that organizational and professional commitment are not incompatible, but can be reconciled in the organizational dynamics, and alert about the development of affective commitment in workers, due to the positive consequences for the organization and the profession.Dentro de su cotidiano, los profesionales de salud al ejecutar sus funciones enfrentan una dualidad de sistemas, es decir, el sistema profesional y el sistema organizacional, cada uno con sus valores, principios y expectativas distintos. El objetivo de los autores es presentar conceptos de compromiso organizacional y profesional y sus relaciones en el contexto del área de la salud. Consideran, que el compromiso organizacional y profesional no son incompatibles siendo, por tanto, conciliables dentro de la dinámica organizacional. Alertan para el desenvolvimiento de compromiso afectivo en trabajadores por las consecuencias positivas en la organización y profesión.Os profissionais de saúde, no cotidiano, ao exercerem suas funções enfrentam dualidade de sistemas, ou seja, o sistema profissional e o sistema organizacional, cada qual com seus valores, princípios e expectativas distintos. O objetivo dos autores é apresentar conceitos de comprometimento organizacional e profissional e suas relações no contexto do setor saúde. Considera-se que o comprometimento organizacional e o profissional não são incompatíveis, sendo, portanto, conciliáveis na dinâmica organizacional. Alerta-se, também, para o desenvolvimento do comprometimento afetivo dos trabalhadores pelas conseqüências positivas para a organiza

  13. De víctimas a victimarios: sobre la racionalidad mediática-penal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manchado, Mauricio Carlos

    2017-01-01

    Full Text Available [es] En el presente trabajo nos proponemos, como objetivo general, indagar sobre las construcciones mediáticas en torno a la figura del “individuo peligroso” en el discurso de la prensa gráfica local, tomando como caso de análisis el Diario La Capital de Rosario. Para ello, procuraremos describir un procedimiento discursivo singular en el relato mediático a raíz de los resultados de nuestro trabajo de campo: la víctima de un delito, en caso de tener antecedentes penales, será configurado como victimario. Operación discursiva que cristaliza una de las tantas manifestaciones de una racionalidad mediática-penal neoliberal donde por una parte, se condena justificando la muerte de la víctima por pertenecer a un sector social que no merece vivir y por otro, construye la figura de una víctima que pronto será victimario de si-mismo. [en] In this paper we propose, as a general objective, inquiring about media constructions around the figure of the “dangerous individual” in the discoruse of local press media, taking the case of the newspaper La Capital of Rosario. For that, we will describe a singular process: if a victim of crime have criminal records, will be configured as a victimizer. Discursive operation that cristalice one of the many manifestations of a neo-liberal-penal-media rationality where on the one hand, condemn justifying the death of the victim for belong to a social sector that does not deserve to live and on the other, builds the victim figure that will be soon a victimizer of himself.

  14. Capital social, conocimiento y efectividad organizacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eustoquio García

    2014-12-01

    Full Text Available Se analiza la importancia de utilizar de forma genérica el concepto de capital social, para cubrir como un todo, lo relacionado con la gestión de los procesos sociales que surgen en las organizaciones; y se destaca la gestión del conocimiento de quienes la integran. Se parte de un estudio descriptivo documental del conocimiento idiosincrático; y a su vez se hace referencia en los retos más usuales que enfrenta la gerencia para la utilización óptima del capital social (retos estructurales, relacionales y cognitivos. Los fundamentos expuestos, plantean las prácticas que se lideran desde la gerencia para enfrentar exitosamente la capacidad de estimular y propiciar las relaciones, así como habilitar la confianza y promover la cooperación. Los resultados destacan, que toda organización posee un conjunto de bienes o activos que están representados por las conexiones dinámicas de su personal, y que estas se basan y estimulan por la confianza, según lo describe Fukuyama (2000 por el entendimiento mutuo y por los valores compartidos, además son reforzadas por las formas de conducta que se dan en la organización; donde la transparencia de las conexiones hace posible la acción en colaboración, esencial para el éxito organizacional. Se concluye, con el planteamiento de sugerencias para la gerencia de las organizaciones en general, con énfasis en las del ámbito académico.

  15. Cambio organizacional: juego, lenguaje y cambio

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Beatriz C. Carvajal

    2011-01-01

    Full Text Available En este artículo se presenta una reĚexión acerca del cambio del juego organizacional, concebido como juego social, en el cual se coloca al lenguaje como el elemento articulador de las prácticas de los jugadores. La premisa de la que hemos partido es supo - ner que vivir y observar el juego como fenómeno es lo que fa- cilita comprender las prácticas e interpretaciones, que han sido construidas, en un modo de jugar, sobre juicios y razonamientos bajo incertidumbre. El objetivo es proponer un modo de pensar que facilite a un jugador en una organización, cómo integrar la información que considera pertinente sobre el juego, deęnir su campo de posibilidades y viabilizar estrategias en el espacio de- limitado para favorecer al cambio. Se plantean unos lineamientos generales para cambiar el juego organizacional de ganar-perder por un juego alternativo modelado por todos los participantes, es decir, una propuesta para acompañar un proceso de reĚexión en la acción organizacional y en menor medida un método establecido a priori. Se concluye que el alcance de esta propuesta queda deli- mitado por su utilidad para la acción orga- nizacional y que las herramientas a emplear en el proceso de cambio, al interior de cada organización, dependerán en cada caso del tipo de jugador y de la situación concreta de juego.

  16. Resiliencia y desempeño organizacional

    OpenAIRE

    Baena Botero, Isabel Cristina

    2016-01-01

    El cambio hoy se reconoce como el principal reto que enfrentan las empresas. Desde diversas ciencias como la biología, la psicología y la dirección se vienen estudiando las diferentes variables que tienen relación con los procesos de ajuste y adaptación que los individuos y las organizaciones desarrollan cuando disrupciones de diverso tipo se materializan en el entorno. En las últimas décadas se ha contemplado el estudio de la resiliencia como una característica que pueden desarrollar las org...

  17. Marketing y responsabilidad social de las organizaciones

    OpenAIRE

    Orlando Salinas Gómez

    1998-01-01

    RESUMEN Una de las consecuencias directas del proceso de globalización es el surgimiento de patrones mundiales de consumo y estilos de vida uniformes que posibilitan a las empresas concebir su desarrollo a escala mundial y formular para ello estrategias globales de producción, comercialización y gestión. Sin embargo, pese a la intención válida de las organizaciones de propender por una transnacionalización de sus productos, el fin no justifica los medios. En efecto, la conquista d...

  18. LAS ORGANIZACIONES APRENDEN, DESAPRENDEN Y REAPRENDEN

    OpenAIRE

    Félix Antonio Malagón

    2004-01-01

    La evolución del pensamiento administrativo, la aparición de nuevos modelos, tendencias y teorías de gestión gerencial; la necesidad de desmontar paradigmas que obstruyen la creatividad y la innovación de los gerentes y de las organizaciones; los rápidos cambios en la conformación del mercado y la necesidad de generar una mayor competitividad obligan a la gente de negocios a realizar procesos mentales que faciliten la adaptación al cambio, a través de acciones para desaprender, aprend...

  19. Liderazgo, clima organizacional y productividad empresarial

    OpenAIRE

    Muñoz Ramos, Betsy Camila

    2016-01-01

    El presente estudio tuvo como objetivo revisar los conceptos de liderazgo, clima organizacional y productividad, a fin de encontrar evidencia de la relación existente entre estos conceptos. Se hace una revisión de artículos publicados a través de las bases de datos, y se describe la relación que se ha encontrado entre estas variables organizacionales. Finalmente se revisa el concepto de productividad y se discute como las variables estudiadas podrían tener un efecto sobre ésta.

  20. EI pensamiento organizacional estrategico: una perspectiva diacronica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mauricio Sanabria

    2004-12-01

    Full Text Available El artículo recorre los principales elementos que han permitido configurar el pensamiento organizacional estratégico. Este campo, inscrito en la disciplina administrativa, cuenta con destacadas contribuciones fundamentalmente durante las últimas cinco décadas. Se reconstruye su desarrollo conceptual, ubicándolo en un contexto histórico particular; más que una crítica profunda, se presenta un panorama general, resultado de una aproximación diacrónica, en la que es imposible no postular una serie de ideas, planteamientos y reflexiones específicas.

  1. Estadística y comportamiento organizacional

    OpenAIRE

    Jorge Óscar Rouquette; Magdalena Saleme

    2000-01-01

    Como parte de una investigación, el articulo se centra en una aplicación estadística a un campo de estudio de la administración como es el comportamiento organizacional, concretamente en la aceptación rechazo de siete hipótesis de investigación que pretenden demostrar que existe relación entre la variable satisfacción en el trabajo y siete indicadores que, según lo propuesto por Locke, influyen o determinan el grado de satisfacción que perciben los trabajadores. Vara demostrar la dep...

  2. Liderazgo y poder en las organizaciones

    OpenAIRE

    Valcarce Fernández, Antonio

    2015-01-01

    En este trabajo, presentamos una revisión sobre el liderazgo y el poder como fenómenos presentes dentro de la organización y empleando para ello la perspectiva de la Psicología de las Organizaciones. En cuanto al liderazgo señalaremos una contextualizacion, asi como las definiciones que se han aceptado y las distintas teorias que han ido formando el estudio del liderazgo así como las habilidades directivas que se enmarcan dentro del liderazgo efectivo,a su vez explicaremos los nue...

  3. Memoria organizacional y gestión del conocimiento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudio De Souza Pereira

    2014-11-01

    Full Text Available La metáfora memoria organizacional es utilizada de las más diversas formas y con los más variados entendimientos en las teorías organizacionales en general y en la gestión del conocimiento en particular; esta diversidad de abordajes refleja el estadio inicial de los estudios sobre el tema. La presente investigación busca contribuir en este entendimiento, identificando y analizando las dimensiones del uso gerencial de la memoria organizacional a través de un abordaje transdisciplinario y de un doble enfoque totalizador que contempla la memoria organizacional tanto como objeto de estudio como proceso integrante de prácticas organizacionales y de mercado. A partir de la interrelación de los estudios sobre memoria en las ciencias sociales y humanas y de los conceptos y prácticas de memoria organizacional, se formula una propuesta de modelaje para memoria organizacional.

  4. Cultura organizacional e satisfação profissional: estudo desenvolvido num hospital privado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Santos, Joana Vieira

    2009-01-01

    Full Text Available No presente estudo, procurou-se destacar a influência da cultura e do clima organizacionais sobre a satisfação no trabalho dos colaboradores. Esta tem bastante relevância para o desempenho organizacional, visto ter repercussões na realização pessoal dos activos humanos e na produtividade da empresa. O estudo foi realizado com 100 activos humanos de um Hospital Privado. Os dados foram recolhidos através de um instrumento constituído por duas escalas: o questionário FOCUS (First Organizational Culture Unified Search (Neves, 2000 e a Escala de Satisfação Profissional descrita por Lima, Vala e Monteiro (1994. Foram também registadas variáveis demográficas e profissionais categorizadoras dos inquiridos. Os resultados sugerem que a cultura da organização estudada é percepcionada sobretudo como uma cultura de regras. Encontrou-se uma associação sistemática e positiva entre a intensidade das percepções das diferentes orientações da cultura e as várias vertentes da satisfação analisadas. Na verdade, a percepção da cultura organizacional explica perto de 32% da variabilidade da satisfação geral, significativamente mais que o contributo trazido pelas variáveis socioprofissionais (18% e pelas variáveis de caracterização sociodemográfica dos inquiridos (2%. De um modo geral, estes resultados demonstraram a existência de influência do tipo de cultura organizacional sobre a satisfação no trabalho

  5. ATUAÇÃO DO PROFISSIONAL DA INFORMAÇÃO NO PROCESSO DE INTELIGÊNCIA COMPETITIVA ORGANIZACIONAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Cardoso dos Santos

    2016-12-01

    Full Text Available A informação e o conhecimento são insumos básicos para a competitividade das organizações, cujas habilidades e competências diferenciadas são necessárias para que o profissional da informação possa se estabelecer no mercado. O processo de inteligência competitiva organizacional é um modelo de gestão organizacional eficiente, e cabe ao profissional da informação antever as necessidades do mercado e da organização gerando um diferencial competitivo para o processo decisório. Este artigo tem por objetivo descrever com base na literatura as competências e as habilidades necessárias para o bibliotecário atuar no processo de inteligência competitiva organizacional. Para tanto, realizou-se um ensaio de cunho teórico e de caráter descritivo enfocando as temáticas, o profissional da informação, as competências e as habilidades do bibliotecário, a importância do marketing pessoal e profissional, o mercado de trabalho e a atuação profissional no processo de inteligência competitiva organizacional.

  6. O assédio moral organizacional à luz da psicodinâmica do trabalho

    OpenAIRE

    Spack, Rodolfo Rigon

    2013-01-01

    Resumo: Através dessa monografia pretendemos discutir a questão do assédio moral organizacional como prática sistemática da organização do trabalho, violência que decorre do poder diretivo do empregador, expresso na forma jurídica do jus variandi. Mostramos como o abuso desse poder deverá ser limitado pelos direitos fundamentais, especialmente pela dignidade da pessoa humana. Para tanto, traçamos um histórico da violência moral no ambiente de trabalho, e de seu combate através das reinvindica...

  7. PREVISIBILIDADE DA COMPETITIVIDADE EMPRESARIAL: UM ESTUDO COM INDICADORES DE DESEMPENHO ORGANIZACIONAL

    OpenAIRE

    VALMOR RECKZIEGEL; DIRCEU DA SILVA; JOSE CELSO CONTADOR

    2015-01-01

    O objetivo desse estudo é avaliar se a posição da competitividade de empresas no período (p1 ) de 2005 a 2007 prevê a posição da competitividade delas no período (p2 ) de 2010 a 2012, por uma métrica de indicadores das dimensões mais frequentes encontradas na literatura: desempenho organizacional e crescimento. Para tal, foram selecionadas, no banco de dados da Economatica, todas as empresas com dados completos nos dois períodos referidos, resultando em 163 empresas de 16 se...

  8. Work engagement: a influência da personalidade e do clima organizacional no engagement

    OpenAIRE

    Bento, Cláudia Filipa Pais Henriques

    2017-01-01

    Dissertação de mestrado em Psicologia Aplicada O engagement tem um papel fulcral nas organizações, caracterizando-se pelo positivismo que os trabalhadores experimentam, determinado pelo vigor, dedicação e absorção. Sendo o clima organizacional a perceção dos colaboradores acerca da organização este irá influenciar o seu comportamento e os seus níveis de engagement traduzindo-se assim na sua produtividade. O presente estudo pretende analisar se as facetas da personalidade dos tr...

  9. RELAÇÃO DA FOLGA ORGANIZACIONAL COM MEDIDAS DE DESEMPENHO DE EMPRESAS BRASILEIRAS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ilse Maria Beuren

    2015-07-01

    Full Text Available O estudo objetiva identificar a relação da folga organizacional (potencial, inabsorvida e absorvida com medidas de desempenho (ROA, ROE e ROI em empresas brasileiras. A pesquisa descritiva com abordagem quantitativa foi realizada utilizando dados financeiros disponíveis na base de dados Economática@. A população da pesquisa compreendeu as 500 Maiores e Melhores empresas de 2010 segundo a Revista Exame; e a amostra as 119 listadas na BM&FBovespa. Os resultados mostram que as empresas apresentaram folga organizacional, na ordem folga potencial, absorvida e inabsorvida. Os modelos de análise indicaram relação significativa entre as variáveis ROA, ROE, ROI e as variáveis folga potencial, absorvida, inabsorvida. No entanto, a folga potencial, analisada pelos indicadores ROE e ROI, apresentou sinal negativo, logo, quanto maior a folga, menor o respectivo índice de desempenho. Observou-se ainda uma tendência da folga potencial ser inversa ao desempenho da empresa, com exceção do índice de desempenho ROI, que não apresentou significância.

  10. Estudio comparativo de la cultura organizacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Góngora, Norberto H.

    2014-12-01

    Full Text Available El presente trabajo da a conocer resultados parciales de la investigación realizada en el marco del proyecto acreditado “Estudio de las Culturas Organizacionales como determinantes de las personas que trabajan en ellas”, cuyo objetivo general es corroborar las características de cada tipo cultural descriptas en la teoría.Los datos que se exponen son el resultado de varios proyectos de investigación desarrollados utilizando la misma metodología. Se ha obtenido gran cantidad de información para analizar variables asociadas al análisis de la cultura organizacional y así, clasificar cada caso en un tipo cultural. Luego, a partir de la base de datos obtenida se han comparado los datos con las características que describe la teoría, a fin de verificarlos o ponerlos en discusión.La conclusión más importante es que la cultura incide en múltiples aspectos de las conductas de las personas y muchos fenómenos, entre ellos los estudiados en este trabajo, así lo demuestran. Es fundamental estudiar este aspecto de las organizaciones en profundidad y no sólo clasificarlas en uno u otro tipo cultural, ya que existen relaciones entre variables que brindan mayor información que resulta relevante para comprender el comportamiento de las personas.

  11. A COLABORAÇÃO PREMIADA ENTRE O UTILITARISMO E A RACIONALIDADE DE PRINCÍPIOS / THE COLABORATION BETWEEN THE UTILITARIANISM AND THE RATIONALITY OF PRINCIPLES

    OpenAIRE

    Wedy, Miguel Tedesco; Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS)

    2016-01-01

    A colaboração/delação premiada é um instrumento eficiente para a obtenção de provas em processo penal. Porém, é um instrumento de racionalidade meramente utilitária. E é partir desse instrumento que muitas outras provas são obtidas, posteriormente, no curso da investigação criminal ou do processo penal. Impõe-se, assim, que a pesquisa objetive encontrar alternativas para limitar e adequar esse instrumento à Constituição Federal, o que se pode fazer desde uma racionalidade de princípios. Uma r...

  12. Análisis de la racionalidad ecológica en agricultores hortícolas de La Plata, Argentina.

    OpenAIRE

    Gargoloff, Natalia Agustina; Abbona, Esteban Andres; Sarandón, Santiago Javier

    2010-01-01

    La existencia de una racionalidad ecológica implícita en el manejo de los recursos naturales em agricultores tradicionales, ha permitido la sustentabilidad de los agroecosistemas. Comprender la racionalidad ecológica en agricultores con características diferentes a la agricultura tradicional, podría contribuir a avanzar hacia una agricultura sustentable. Sin embargo, esto no es sencillo debido a la propia complejidad del término y la ausencia de una metodología que permita abordarla. En este ...

  13. Utilização da folga organizacional para o alcance dos objetivos financeiros e não financeiros de uma empresa familiar 

    OpenAIRE

    Franciele Beck

    2017-01-01

    Esta tese investigou como a prática da folga organizacional auxilia no alcance dos objetivos financeiros e não financeiros de uma empresa familiar privada. A folga organizacional foi definida na pesquisa como a disponibilidade de recursos a um nível mais elevado do que o estritamente necessário para a operação da organização (Cyert & March, 1963; Onsi, 1973 Danneels, 2008), decorrente das experiências passadas e expectativas futuras dos sujeitos que precisam tomar decisões em determinado cont...

  14. Clima Organizacional y Salud Psicológica: Una Dualidad Organizacional // Organizational Climate and Psychological Health: An Organizational Duality // Clima Organizacional e Saúde Psicológica: Uma Dualidade Organizacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    María Margarita Chiang Vega

    2016-09-01

    Full Text Available Este trabajo investiga el clima organizacional desde la perspectiva de las necesidades psicológicas de los trabajadores, ante la carencia de estudios que tiendan a buscar procesos de mejoramiento de la salud psicológica de los trabajadores en las organizaciones, permitiendo profundizar en las implicaciones psicológicas de los trabajadores dentro de organizaciones que no dan prioridad a la generación de un clima organizacional motivador, con muestra de 350 trabajadores de dos organizaciones ecuatorianas: una pública y una privada, se aplica la escala de medición del clima organizacional adaptada por Chiang (2011, de los autores Koys & DeCotiis (1991, y las implicaciones psicológicas en los trabajadores a través de un instrumento, basado en los cuestionarios (MBIGS, (BMS II y (CAT 21. Donde se discuten y relacionan los factores organizacionales que afectan la calidad de vida de los trabajadores en las organizaciones y la relación del contexto laboral con su  bienestar en el trabajo.

  15. Ativismo judicial: nos limites entre racionalidade jurídica e decisão política Judicial activism: in the limits between legal rationality and political decision

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anderson Vichinkeski Teixeira

    2012-06-01

    Full Text Available O presente artigo tem como objetivo encontrar parâmetros para que se possa determinar quando o ativismo judicial deixa o âmbito da argumentação jurídica e se torna instrumento de decisão política. Para tanto tentamos definir um possível conceito de ativismo judicial e as suas origens na tradição jurídica estadunidense. Nesse primeiro momento utilizamos o método histórico analítico para contextualizar historicamente as categorias conceituais em estudo e o momento de surgimento do fenômeno nos Estados Unidos. Em seguida, passamos a estudar, com base no método crítico-comparativo, os elementos fundamentais que caracterizam a racionalidade política e a racionalidade jurídica. Ao final, discutimos as perspectivas para um juiz ativista no Brasil, especialmente quando atue na proteção dos direitos fundamentais e na garantia da supremacia da Constituição. Em termos gerais, nossas conclusões apontam critérios que permitam a definição do que seria um ativismo judicial positivo, em detrimento da sua espécie nociva à saúde da ordem constitucional.This article has as general goal to find parameters in order to determine when the judicial activism leaves the field of legal argumentation and becomes an instrument of political decision. To this end, we started trying to define a possible concept of judicial activism and its origins in the United States juridical tradition. In this first moment, we use the historical analytical method to try to contextualize historically the conceptual categories under study and the conditions of emergence of this phenomenon in the United States. Following, on the basis of the critical comparative method, we began to study the fundamental elements that characterize political rationality and legal rationality. At the end, we discuss the prospects for an activist judge in Brazil, especially when acting in the protection of fundamental rights and ensuring the supremacy of the constitution. In general

  16. EL CLIMA LABORAL COMO UN ELEMENTO DEL COMPROMISO ORGANIZACIONAL

    OpenAIRE

    DOMÍNGUEZ AGUIRRE, LUIS ROBERTO; RAMÍREZ CAMPOS, ÁLVARO FABRICIO; GARCÍA MÉNDEZ, ANDRÉS

    2014-01-01

    El compromiso y el clima organizacional son actitudes que reflejan un estado psicológico relacionado con los valores y objetivos de una organización. Existe un conjunto de causales para que una persona o un conjunto de personas sostengan un compromiso en las organizaciones, teóricamente la percepción favorable del clima laboral que les rodea incrementa el compromiso. El estudio muestra las relaciones observadas en las dimensiones del clima organizacional y las del compromiso. Los hallazgos se...

  17. HISTORIAS DE APRENDIZAJE: UNA HERRAMIENTA PARA EL DESARROLLO ORGANIZACIONAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Cristina Marín Fernández

    2001-01-01

    Full Text Available El presente artículo parte de una reflexión acerca de la importancia del aprendizaje al interior de las organizaciones en función de su desarrollo organizacional. Presenta una reseña de la metodología de historias de aprendizaje desarrollada por los profesores Art Kleiner y George Roth, en el Center for Organizational Learning y el Reflection Learning Associates de MIT, como una herramienta de tipo administrativo, utilizada para promover el aprendizaje y el desarrollo organizacional.

  18. População tradicional, Reservas Extrativistas e racionalidade estatal na Amazônia brasileira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Bittencourt da Silva

    2015-04-01

    Full Text Available Amazone traditional populations – particularly those living in Forestry Extractive Reserves (RESEX – have a historical and value connection with the system called "sistema de aviamento". Such populations face a structural dilema that need to be surmounted: to destroy the practical and axiological impediments inherited from the ambience of the "barracao" and learn the complex task to move within the rational and legal arquiteture of the Brazilian State. When based on legally institutionalysed processes, such new reality imposes agents of this field of knowledge sphere and argumentation capacity (empowerment an objectivation of peculiar demands as, for example, land security and a natural ecossystem protection. The purpose of this paper is to reveal such dilema of extrative populations who live in in the RESEX in the Amazon, to analyse its nuances and to offer ideas to surmount such reality. This work can be deemed as a critique to state formalism, that has contributed to the domination by public agents of Conservation Units and envolved individuals in such territories. In order to achieve the proposed goal, we made a reserach on theoryc fundamentation in virtual and physical libraries, as well as in the personal files of authors. What follow are analysis of the main objective, based on the studied books and works.

  19. UM ESTUDO DA RELAÇÃO ENTRE O TRABALHO EM EQUIPE E A APRENDIZAGEM ORGANIZACIONAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Julia Hosana Santos Franco

    2011-06-01

    Full Text Available O artigo apresenta os resultados de pesquisa realizada acerca do trabalho em equipe e aprendizagem organizacional. Na pesquisa, o objetivo geral foi o de analisar as estratégias utilizadas pela gestão com pessoas para incentivar o trabalho em equipe, visando alcançar êxito no processo de aprendizagem no contexto organizacional. O artigo busca responder ao seguinte problema: quais estratégias são utilizadas pela gestão com pessoas para incentivar o trabalho em equipe visando êxito na aprendizagem organizacional? Para o desenvolvimento da pesquisa, recorreu-se ao estudo do caso da empresa BETA S/A, do setor siderúrgico, que resolveu implantar o trabalho em equipe. Nesse sentido, houve a oportunidade de pesquisarmos os desdobramento da prática e suas decorrências sob a ótica dos empregados das diversas áreas. Dentro do estudo foram realizadas 39 entrevistas com líderes e subordinados. Quanto aos resultados, inicialmente, verificou-se que apesar da literatura defender um perfil inovador e estratégico para a área de RH, considerando suas transformações para a valorização do profissional como alternativa para alcançar melhores resultados organizacionais, identificamos que a prática do trabalho em equipe carece de aprofundamento no estudo de suas iniciativas e conseqüências, sendo inclusive de difícil aplicação em qualquer organização.

  20. Communication and organizacional change / Comunicación y cambio organizacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.A. Luz Ernestina Fierro Murga eierro@uach.mx

    2008-01-01

    Full Text Available Communication is an essential element in organizational life, thanks to this process, through which human beings share experiences, it is possible for persons to accomplish joint actions, generate agreements, commitments and participate in organizational change. The purpose of this investigation is to analyze -through open messages in the form of a poster- the influence of communications as strategies of power in organizational change.Resumen: La comunicación es un elemento esencial en la vida de las organizaciones, gracias e este proceso, a través del cual se ponen en común las experiencias y vivencias del ser humano, es posible que las personas realicen acciones conjuntas, generen acuerdos, compromisos y participen en el cambio organizacional. En esta investigación se tiene como propósito analizar -a través de las circulares abiertas en forma de cartel- la influencia que tienen las comunicaciones como estrategias de poder en el cambio organizacional.

  1. APORTACIONES DESDE LA PSICOLOGÍA ORGANIZACIONAL POSITIVA PARA DESARROLLAR ORGANIZACIONES SALUDABLES Y RESILIENTES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marisa Salanova,

    2016-09-01

    Full Text Available El objetivo de este trabajo es presentar los principales resultados obtenidos por el equipo de investigación WANT Prevención Psicosocial y Organizaciones Saludables sobre el Modelo HERO (HEalthy & Resilient Organizations para conceptualizar, evaluar e intervenir en el desarrollo de personas, grupos y organizaciones positivas. En primer lugar, se presenta el modelo teórico, metodología y herramientas para la evaluación de HEROs. Estas herramientas se administran a nivel colectivo y se aplican a diferentes stakeholders o agentes clave en la organización: entrevistas a dirección, y cuestionarios dirigidos a empleados distribuidos en grupos naturales, supervisores, y clientes. En segundo lugar, se presentan los principales resultados obtenidos de la aplicación de la metodología HERO en diferentes contextos socioeconómicos. En la última parte del trabajo se muestran distintas opciones de intervenciones positivas, así como recientes experiencias de intervención HERO que se han llevado a cabo desde nuestro equipo bajo el paradigma de la Psicología Organizacional Positiva.

  2. Os Tipos Psicológicos Na Psicologia Analítica De Carl Gustav Jung E O Inventário De Personalidade “myers-briggs Type Indicator (mbti)”: Contribuições Para A Psicologia Educacional, Organizacional E Clínicathe Psychological Types In Analytical Psychology O

    OpenAIRE

    Luís Marcelo Alves Ramos

    2008-01-01

    O texto apresenta os princípios da Teoria dos Tipos Psicológicos, a mais conhecida face da Psicologia Analítica do psicólogo e psiquiatra suíço Carl Gustav Jung (1875-1961), bem como os fundamentos do Inventário de Personalidade “Myers-Briggs Type Indicator (MBTI)”, constituído a partir da tipologia junguiana, e que vem sendo cada vez mais utilizado nos campos da Psicologia Educacional, Organizacional e Clínica. Palavras-chave Psicologia analítica; Teorias da personalidade; Tipos psicol...

  3. A influência da capacidade de aprendizado, da criatividade organizacional, da orientação empreendedora internacional, da capacidade tecnológica e da capacidade de reconfiguração na habilidade em desenvolvimento de novos produtos

    OpenAIRE

    Panizzon, Mateus

    2016-01-01

    Em um contexto de globalização, com a intensificação do desenvolvimento econômico baseado em conhecimento, inovação e criatividade como fontes de valor agregado, empresas buscam continuamente vantagem competitiva sustentável em ambientes de mudança e turbulência. Deste modo, a agenda de pesquisa teórica nos campos das Capacidades Dinâmicas Baseadas em Conhecimento, Criatividade Organizacional, Orientação Empreendedora Internacional e Desenvolvimento de Novos Produtos motiva novos estudos e re...

  4. LAS ORGANIZACIONES APRENDEN, DESAPRENDEN Y REAPRENDEN

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Félix Antonio Malagón

    2004-07-01

    Full Text Available La evolución del pensamiento administrativo, la aparición de nuevos modelos, tendencias y teorías de gestión gerencial; la necesidad de desmontar paradigmas que obstruyen la creatividad y la innovación de los gerentes y de las organizaciones; los rápidos cambios en la conformación del mercado y la necesidad de generar una mayor competitividad obligan a la gente de negocios a realizar procesos mentales que faciliten la adaptación al cambio, a través de acciones para desaprender, aprender y reaprender, con base en una gestión del conocimiento orientada hacia las transformaciones e innovaciones organizacionales.

  5. Comprometimento organizacional de trabalhadores de call center

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kely César Martins Paiva

    2015-09-01

    Full Text Available RESUMOO Neste artigo, analisa-se como se apresenta o comprometimento organizacional de trabalhadores de um call center, localizado em Belo (A Horizonte (Minas Gerais, Brasil. Após o delineamento conceitual UJ do tema central, são expostos os resultados de um estudo de caso descritivo, realizado com abordagens quantitativa e qualitativa. Os dados de 399 questionários e 22 entrevistas são, respectivamente, tratados estatisticamente e submetidos à análise de conteúdo. A base de comprometimento que predominou entre esses infoproletários foi "obrigação pelo desempenho" e, em menor grau, "afetiva". Foi observado que quanto maior é o seu tempo de experiência nesse tipo de organização, menores são os níveis de comprometimento de modo geral, fatos esclarecidos, parcialmente, por meio das entrevistas.

  6. Correlación entre el Clima Organizacional Percibido por los Trabajadores de Salud y su Compromiso Organizacional en la Micro Red Edificadores Misti-Minsa, Arequipa 2008

    OpenAIRE

    Flores Flores Ricardina

    2010-01-01

    Se realizó una investigación sobre el clima organizacional percibido por los trabajadores de salud y su compromiso organizacional en la Micro Red Edificadores Misti. El tipo de estudio es transversal y correlacional para explorar si existe una correlación directa entre el clima y el compromiso organizacional. Se plantearon como objetivos caracterizar el clima y compromiso organizacional para luego determinar su correlación. El instrumento que se utiliza es de Litwin y Stinger c...

  7. Uma metodologia para a condução do processo associado ao projeto organizacional de sistemas de operações integradas A methodology to drive the integrated operations system organizational design process

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edson Pinheiro de Lima

    2004-01-01

    Full Text Available Em sistemas de operações integradas, os reais benefícios da integração só podem ser obtidos e reconhecidos se o projeto e a estrutura organizacional decorrente se tornam compatíveis com a mudança a ser introduzida. Além disso, há a necessidade de se desenvolver uma metodologia para a condução da atividade de projeto, o que inclui a sua gestão e instrumentalização. Da definição de um modelo de referência para o projeto organizacional, desenvolve-se a racionalidade do processo de projetar. A partir desta racionalidade e dos seus elementos constituintes, identifica-se uma abordagem metodológica que tenha a completude necessária, no sentido de se manter a coerência entre a estrutura e a mudança a ser introduzida, bem como de servir como instrumento para a sua operacionalização. Portanto, afora desenvolver a racionalidade do processo de projetar, destaca-se como contribuição deste trabalho a identificação de uma abordagem que, além de definir um processo de gestão da atividade de projeto organizacional, orientando a sua instrumentalização, poderá servir como uma estratégia para o refinamento e a validação do modelo. Tal metodologia contribui para a construção de uma Teoria Organizacional de Projeto para os sistemas organizacionais, em particular para os sistemas de operações integradas.The real benefits of integration, in an integrated operations system, can only be obtained and recognized if the implemented organizational design and structure are compatible with the introduced change. Besides the development of a methodology to drive the design task is needed, including its management and operationalization. From the reference model definition for the organizational design, it is developed the design process rationality. From this rationality and its constituent elements, it is identified a methodological approach that encompass the needed completeness, in the sense to sustain the coherence between the

  8. OS IMPACTOS DA GESTÃO FAMILIAR NOS CONFLITOS E CULTURA ORGANIZACIONAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabio Santarossa Dante

    2016-12-01

    Full Text Available Frente aos desafios em gestão de pessoas na década presente, os conflitos geracionais alimentam uma discussão sobre quais fatores definem as carreiras e motivam os profissionais. O objetivo central desse artigo é diagnosticar os impactos da gestão familiar nos conflitos e na construção da cultura organizacional em uma prestadora de serviço. Ao final do estudo, tais resultados identificados poderão ser trabalhados como insumos informacionais a empregadores, organizações e profissionais quanto ao entendimento de gestão familiar, conflitos organizacionais e cultura organizacional. Como método de estudo de coleta e análise dos resultados, utilizou-se um questionário desenvolvido para essa própria necessidade divido em 4 etapas, aplicado a 36 pessoas. Os dados foram analisados em forma quantitativa. O resultado é que a empresa é considerada profissional mesmo estando sob uma gestão familiar e que não há conflitos internos dos familiares mas sim conflitos internos organizacionais e que a cultura não é explanada aos funcionários.

  9. O clima organizacional: um conceito motivador para redução do Turnover

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João André Tavares Fernandes

    2013-08-01

    Full Text Available Este artigo assume como metodologia de pesquisa qualitativa e tem como objetivo analisar como o clima organizacional pode motivar o colaborador e consequentemente reduzir o índice de turnover nas organizações. Nos dias de hoje, os profissionais procuram muito mais que bons salários e benefícios, eles visam obter, além disso, empregos que forneçam qualidade de vida. Uma vez que as empresas precisam consolidar o relacionamento com seus colaboradores, a fim de manter funcionários qualificados e devidamente familiarizados com seus processos, podendo assim oferecer qualidade e confiabilidade aos seus clientes. É extremamente importante que a organização esteja atenta ao nível de motivação de seus parceiros internos, observando se há um Clima Organizacional satisfatório, que além de incentivar a melhoria na produtividade, irá contribuir para a permanência do colaborador na empresa, reduzindo o turnover, pois o atendimento de suas necessidades pode resultar em níveis crescentes de satisfação, enquanto que a sua ausência pode trazer ameaças a sua integridade.

  10. Novas Modulações do Controle Organizacional: um Estudo de Caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudia Maria Perrone

    Full Text Available Resumo O poder nas organizações não se manifesta apenas por vias coercitivas na atualidade. Ele atua por meio de dispositivos de poder, nos quais são incluídos os métodos disciplinares, que operam diretamente na subjetividade do sujeito. Esses mecanismos tornam os trabalhadores reconhecíveis, identificáveis e comparáveis entre si. Este estudo objetivou explicitar parte dos resultados de uma pesquisa sobre controle organizacional e subjetividade no contemporâneo. A pesquisa referida investigou a lógica pós-disciplinar presente nos mecanismos de controle organizacional por meio da problematização do nexo entre tecnologia e subjetivação. Os resultados apresentados neste trabalho são relativos a uma parte da amostra total, composta de trinta sujeitos. Foi escolhido o caso de uma mulher, funcionária de uma instituição financeira transnacional, configurando este artigo como um estudo de caso. Os resultados do estudo de caso apontaram que a lógica vigente da organização do trabalho obriga que o trabalhador assuma para si as flutuações da demanda, bem como a responsabilidade dos resultados. Dessa forma, há indicativos que as novas formas de organização do trabalho possibilitam a autorresponsabilização do sujeito.

  11. LAS INSTITUCIONES Y SU INCIDENCIA EN EL COMPORTAMIENTO ORGANIZACIONAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    María Roselia Aira

    2016-04-01

    Full Text Available Esta investigación se centra en establecer la influencia de las instituciones sociales en el comportamiento organizacional. En su desarrollo se recurrió a una estrategia metodológica de tipo descriptiva y documental. Se abordan las conceptualizaciones de institución, organización y comportamiento organizacional, relacionándolos para verificar su incidencia en el estudio. Se concluye que el comportamiento organizacional es vital en las organizaciones para canalizar el entendimiento y control de las conductas laborales, enrumbándolas hacia la armonización de las relaciones y los esfuerzos para el logro de los objetivos organizacionales; bajo el amparo de las instituciones vigentes.

  12. Compromiso organizacional y inteligencia emocional: un estudio en enfermeros

    OpenAIRE

    Brás, Manuel; Ferreira, Maria Manuela Frederico; Macedo, Ana Paula

    2012-01-01

    Analizar el compromiso organizacional (afectivo y normativo) de los enfermeros, la tendencia a tratar con sus emociones y los estados emocionales y la relación entre el compromiso y el inteligencia emocional

  13. “Se não cuidarmos de nós, ninguém cuidará”: Autoajuda financeira e racionalidade política neoliberal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Ampudia de Haro

    2014-02-01

    Full Text Available O objetivo do presente artigo é analisar criticamente o discurso elaborado pela literatura de autoajuda financeira (LAF no contexto geral do processo de financeirização. Esta análise utiliza como material empírico publicações próprias deste género disponíveis no mercado editorial português, desenvolvendo‑se de acordo com a grelha teórica dos estudos sobre governamentalidade (governmentality studies de inspiração foucaultiana. Na primeira secção é revisto o conceito de financeirização, apontando para as suas debilidades e forças teóricas e empíricas. A falta de atenção aos aspetos microssociológicos é precisamente uma das debilidades que justifica a necessidade de explorar, numa segunda secção, o tipo de subjetividade relacionada com o capitalismo financeirizado. A terceira secção analisa as dimensões centrais dessa subjetividade tal como é apresentada pela LAF, o que inclui um enquadramento das características destas publicações assim como o estudo do motivo, do objetivo e da forma de fazer aquilo que a autoajuda aconselha. A última secção centra‑se na base social dos textos como ferramentas discursivas próprias de uma racionalidade política neoliberal.

  14. Cultura organizacional e os sete pecados capitais: uma proposta para compreender os sistemas simbólicos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marise Schadeck

    Full Text Available Resumo O objetivo neste trabalho é descrever e analisar os sistemas simbólicos presentes na cultura das organizações pela perspectiva dos sete pecados capitais. A relevância do tema para o campo reside no fato de se tratar de uma metáfora que pode ser utilizada de forma enriquecedora para a compreensão dos sistemas simbólicos e significados circulantes em diferentes organizações no contexto brasileiro. O percurso teórico contempla a revisão teórica de metáfora na visão clássica aristotélica. Para compreender os sistemas simbólicos, utiliza-se o aporte teórico de Pierre Bourdieu, enquanto que a cultura organizacional é interpretada tendo por base Jean-François Chanlat. Metodologicamente trata-se de pesquisa exploratória que tem como objeto de estudo e análise um caso no Rio Grande do Sul. Os resultados evidenciam que as imagens produzidas pelos pecados capitais orientam um novo olhar sobre a cultura organizacional no universo simbólico organizacional, uma vez que o catolicismo e outras formas de cristianismo são significativos no cotidiano das organizações.

  15. A Utilização do Benchmarking na Elaboração do Planejamento Estratégico: uma importante ferramenta para a maximização da competitividade organizacionalThe use of Benchmarketing in the elaboration of Strategic Planning: an important tool for the maximization of the organizational competitivenessLa utilización del Benchmarking en la Elaboración de la Planificación Estratégica: Una Herramienta Importante para la Maximización de la Competitividad Organizacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    VITAL, Tales Wanderley

    2004-01-01

    Full Text Available RESUMOEste artigo consiste em demonstrar a importância da utilização do benchmarking na elaboração do planejamento estratégico. Tal planejamento estabelece a direção que a empresa deverá seguir para aproveitar as oportunidades e afastar os riscos. Entre as análises que o compreendem, destaca-se a dos sistemas internos da organização o que torna possível a verificação de seus pontos fortes e fracos. Uma maneira de identifica-los e analisa-los é através do benchmarking. Esta técnica permite que a empresa verifique e compare as práticas de outras, concorrentes diretas ou não, que demonstram um desempenho superior em suas funções e incorpore em seus fatores críticos de sucesso o que houver de melhor. A contínua busca pela excelência constitui o objetivo das organizações que utilizam o benchmarking. Estas visam maximizar a sua competitividade e alcançar um nível de superioridade acima de seus concorrentes.ABSTRACTThis article demonstrates the importance of benchmarking in the preparation of strategic planning. Such planning establishes directions to be followed by the company in order to seize opportunities and repel risks. Among the analysis that comprises the strategic planning, that of the organization’s internal systems should be pointed out, which enables to check its strengthening and weaknesses. A way to identify and analyze the latter is through the Benchmarking. This technique allows the company to check and compare practices adopted by other companies – direct competitors or not – which show a high performance in their functions and incorporates in its critical success factors the best of those companies. The ongoing search for excellence constitutes the objective of companies using benchmarking, aiming to maximize their competitiveness and reach a superiority level above that of their players.RESUMENEste artículo busca demostrar la importancia del uso del benchmarking en la elaboración de la planificaci

  16. El empowerment como predictor del compromiso organizacional en las Pymes

    OpenAIRE

    Ríos Manriquez Martha; Téllez Ramírez María del Rayo; Ferrer Guerra Julian

    2010-01-01

    La relación entre las variables de empowerment y compromiso organizacional ha sido un campo poco explorado desde la perspectiva organizacional. Esta investigación establece el nivel de influencia del empowerment queexperimentanloscolaboradores con respecto al compromiso hacia la organización para la cual laboran. Se utiliza como referencia un modelo generado con base en la descripción del empowerment en cuatro dimensiones: significado, competencia, autodeterminación e impacto; y del compromis...

  17. Desarrollo de la estructura organizacional de Inversiones Almer Ltda.

    OpenAIRE

    2010-01-01

    El presente proyecto tiene por objeto formular y proponer una estructura organizacional acorde al contexto administrativo, productivo y comercial de C.I. Inversiones Almer Ltda., dado que en la actualidad la organización carece de tan importante característica administrativa. Es importante destacar que este trabajo se limita a formular y proponer el establecimiento de la estructura organizacional, ya que la implementación y desarrollo de la misma requiere otro proceso administrativo que ...

  18. Medición de la Cultura Organizacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alvaro Patricio Carrillo Punina

    2016-12-01

    Full Text Available La cultura organizacional es un aspecto que adquiere cada vez mayor relevancia, ya que se ve influenciada por los continuos cambios del ambiente. Por ende, medir la cultura organizacional permite conocer el impacto que esta tiene sobre los resultados de la empresa. Entonces, el objeto de estudio es realizar un análisis de revisión documental para contar con información actualizada de las formas en que se la mide. Para cumplir el objetivo se identifican 43 documentos publicados, entre los años 2005 y 2015, en las bases digitales Redalyc, Scielo y ProQuest. Luego, se sintetizan los estudios empíricos, identificados sobre medición de la cultura organizacional, agrupándolos de acuerdo a los factores de Morelos y Fontalvo y, las características de Robbins y Judgey. Finalmente, se determinan las formas en que se mide la cultura organizacional e identifica la participación porcentual de las variables de influencia en los estudios revisados. Los resultados obtenidos muestran que la cultura organizacional se mide en relación a la estrategia, estructura, trabajo en grupo, liderazgo, propietarios, innovación, orientación a resultados y, orientación a personas. Por último, se concluye la importancia de realizar estudios sobre medición de la cultura organizacional identificando nuevos modelos, métodos, instrumentos y variables.

  19. Comportamento Pró-Ativo nas Organizações e sua Relação com Clima Organizacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Heila Magali Silva Veiga

    2011-09-01

    Full Text Available Comportamento pró-ativo contribui para a efetividade organizacional e é definido como um conjunto de comportamentos em que o trabalhador busca espontaneamente por mudanças no seu ambiente de trabalho, implementa novas ideias e visa metas de longo prazo que beneficiem a organização. A fim de contribuir na compreensão dos antecedentes contextuais desse construto foram desenvolvidos dois estudos. O primeiro estudo teve o objetivo de construir e validar uma escala de clima organizacional para a pró-atividade, e o segundo analisar as relações entre o clima organizacional para a pró-atividade e o comportamento pró-ativo. Em ambos os estudos foi utilizada uma amostra de conveniência de 525 trabalhadores de quinze organizações públicas e privadas. A escala validada apresentou qualidade psicométrica e é formada por três dimensões, estrutura organizacional (α=0,68, liderança e diversidade (α=0,82 e ambiente interno e externo (α=0,88. No segundo estudo, a regressão múltipla padrão mostrou que a variável preditora explicou 32% da variância do comportamento pró-ativo, sendo os fatores liderança e diversidade (β=0,107 e ambiente interno e externo (β=0,484 aqueles com contribuições significativas únicas. As repercussões dos resultados para compreensão do comportamento pró-ativo na organização serão discutidas.

  20. Do conceito de Bun Bu Ryo Do à atividade esportiva: a racionalidade moderna nas lutas marciais tradicionais

    OpenAIRE

    SOUSA, Marcel Farias de

    2010-01-01

    Este trabalho analisa o desenvolvimento sócio-cultural e histórico das lutas marciais japonesas, a partir de sua configuração social, religiosa e política no Japão feudal e investiga como estas práticas se reconfiguram no modelo de racionalidade do mundo ocidental. A pesquisa, de caráter qualitativo, tem como procedimento metodológico, o método de análise de imagens paradas com a decomposição de vídeos de lutas, optando pelo seguinte processo comparativo de movimento: 1) Comparação de movimen...

  1. A importância da pesquisa do Clima Organizacional para o funcionamento de uma Instituição Federal de Ensino Superior

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jorge Luiz Knupp Rodrigues

    2016-06-01

    Full Text Available Este trabalho tem o objetivo de apresentar a análise do clima organizacional de um campus de uma instituição federal de ensino superior, no interior do Estado do Rio de Janeiro, com intuito de identificar os fatores que interferem na motivação e no desempenho de servidores técnico-administrativos. O levantamento bibliográfico e a pesquisa de campo, de natureza exploratória foram os procedimentos metodológicos utilizados. Para coleta de dados foi utilizado um questionário com 72 questões fechadas, tendo sido aplicado a 30 servidores técnico-administrativos. Foram apresentados nessa pesquisa os conceitos de clima organizacional, bem como de pesquisa de clima organizacional. Ao final, buscou-se apresentar um diagnóstico do clima organizacional da instituição estudada. Dentre os resultados destaca-se o treinamento e desenvolvimento, indicando uma necessidade de ações que apresentem as informações necessárias para o exercício do cargo de maneira adequada, por meio de capacitação e ambientação na sede da instituição de ensino.

  2. Influência da Aprendizagem Organizacional e da Inovação no Desempenho Organizacional de Empresas do Setor Vinícola

    OpenAIRE

    Frizzo, Patricia; Gomes, Giancarlo

    2017-01-01

    O presente estudo tem por objetivo analisar a influência da aprendizagem organizacional e da inovação no desempenho organizacional de empresas do setor vinícola. A aprendizagem organizacional foi verificada por meio da aquisição do conhecimento, distribuição da informação, interpretação da informação e memória organizacional. Já a inovação foi dividida em administrativa, de produto e de processo. Estudos anteriores sugerem a interação da aprendizagem organizacional, da inovação e do desempenh...

  3. CAPITAL SOCIAL ORGANIZACIONAL BASE DE LA SUSTENTABILIDAD ORGANIZACIONAL PARA EL DESARROLLO AMBIENTAL Y ECONÓMICO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José G. Vargas-Hernández

    2010-07-01

    Full Text Available Este trabajo analiza la sustentabilidad de las organizaciones que realizan actividades de explotación del tule Thypha spp en la Laguna de Zapotlán y su impacto en el desarrollo socioeconómico y ambiental de los municipios de Gómez Farías y Zapotlán el Grande. La hipótesis inicial delimita el escaso capital social de las organizaciones limita la sustentabilidad del desarrollo, a pesar de que contribuye al crecimiento de ingresos para más de 300 familias de San Sebastián del Sur y en menor escala de Cd. Guzmán. El método de investigación empleado es el etnográfico, complementado con trabajo de campo apoyado con entrevistas informales, investigación documental y bibliográfica. La principal conclusión es que no existe un equilibrio entre la sustentabilidad de las organizaciones debido al escaso capital social y la sustentabilidad del desarrollo ambiental y económico que debiera ser considerado por el programa de rehabilitación de la Laguna de Zapotlán a efecto de mejorar los niveles de ingreso, rescatar y crear nuevas fuentes de empleo y mejorar los niveles de calidad de vida de las cerca de trescientas familias que dependen del cultivo y explotación artesanal del tule. Se sugiere dar mayor sustentabilidad a las micro y pequeñas empresas artesanales la creación de un programa de asesoría de exportación del producto artesanal derivado del tule a efecto de ampliar el valor agregado que proporciona el manejo propio de los procesos de comercialización en mercados internacionales.

  4. Metamorfose paradigmal no desenvolvimento organizacional : tragédia da linguagem organizacional

    OpenAIRE

    Park, Kil Hyang

    2010-01-01

    Discute Teorias Administrativas e Organizacionais como um campo de estudo e análise organizacionais. Para tal, apresenta alguns paradigmas organizacionais e analisa-os sob a perspectiva da representação organizacional Faz uso das Metáforas como recurso metodológico; do Olhar como recurso analítico e da Linguagem como sistema de signos que serve de meios de comunicação e de interação dos membros organizacionais. Discute a Metamorfose dos paradigmas organizacionais e o uso dos paradigmas...

  5. The challenges of managing people in a remote organizational structure Los retos de la dirección de personas en una estructura organizacional remota Os desafios de gerir pessoas em uma estrutura organizacional remota

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nildes R. Pitombo Leite

    2009-09-01

    és del análisis de documentos y sitios web. Para analizar los datos recopilados se utilizaron las técnicas de análisis de contenido de entrevistas y documental, así como la metodología reflexiva. La fundamentación teórica consideró los siguientes temas: comportamiento organizacional, compromiso organizacional, gestión estratégica de personas y cultura organizacional. Los resultados mostraron la existencia de factores favorables y desfavorables en la gestión de personas de esa organización, que propician la creación de una cultura de desafíos en las relaciones entre las personas, permitiendo que los valores y la identidad organizacional sean compartidos y, principalmente, que el compromiso organizacional sea alcanzado.O principal objetivo deste artigo é investigar as peculiaridades da gestão estratégica de pessoas em uma empresa com estrutura organizacional remota, confinada e isolada dos grandes centros urbanos. Trata-se de um estudo qualitativo, baseado em estudo de caso único, em que o nível organizacional é proposto para análise. O levantamento de campo envolveu diretores, gerentes, profissionais de RH, supervisores e coordenadores do Grupo Orsa, especificamente na Jari Celulose, Orsa Florestal e Fundação Orsa, perfazendo um total de oito entrevistados. Os dados primários foram coletados por meio de entrevistas em profundidade e observações nas áreas operacionais; os secundários, por meio de análise de documentos e sites. Para a análise dos dados coletados foram utilizadas as técnicas de análise de conteúdo das entrevistas e documental, bem como a metodologia reflexiva. A fundamentação teórica contempla os temas: comportamento organizacional, comprometimento organizacional, gestão estratégica de pessoas e cultura organizacional. Os resultados do estudo mostram a existência de fatores favoráveis e desfavoráveis na gestão de pessoas dessa organização, os quais propiciam a criação de uma cultura de desafios nas rela

  6. Relación de la socialización organizacional y el compromiso organizacional en trabajadores mexicanos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Luis Calderón Mafud

    2015-07-01

    Full Text Available La socialización organizacional es el proceso por el que una persona adquiere competencias laborales en términos de un nivel de comprensión funcional de la organización, consigue el apoyo de sus compañeros de trabajo, y acepta las normas de una organización. El objetivo de la presente investigación fue determinar la relación entre la socialización organizacional y el compromiso organizacional en trabajadores mexicanos. Se analizaron los datos obtenidos de 169 participantes, que fueron evaluados con el Inventario de Socialización Organizacional y el Cuestionario de Compromiso Organizacional. Los resultados mostraron que la socialización organizacional correlacionó positiva y significativamente con el compromiso afectivo y normativo. Se concluyó que la socialización organizacional permite que los trabajadores desarrollen el compromiso con la organización a través de los vínculos afectivos con los compañeros y la creación de un sentido de lealtad hacia la organización. Abstract This research focuses on the relationship between Mexican workers´ organizational socialization and compromise. Organizational socialization is a process in which a person acquires labor skills, understands and accepts institutional rules, and gains the support of their co-workers. 169 participants were sampled using the Organizational Socialization Inventory and Organizational Compromise questionnaire. The results showed that organizational socialization correlated positively and significantly with affective and normative commitment. As a conclusion, organizational socialization allows workers to develop a compromise with the organization through affective links with co-workers and a sense of loyalty to the institution.

  7. Aplicación del liderazgo servidor en las organizaciones

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos William Marín G.

    2014-07-01

    Full Text Available Aplicar el liderazgo servidor en las organizaciones incluye observar la relación existente entre el liderazgo de servicio y diversas variables relacionadas con el comportamiento de las personas al interior de la organización, en este caso específico, a partir de una revisión teórica de investigaciones referentes al tema. Se destaca la propuesta de The Blanchard Companies sobre un modelo a través del cual los resultados se convierten en consecuencia del logro de la visión institucional con la participación activa de empleados y clientes. Es una perspectiva que propone el liderazgo de servicio como elemento nuclear para el éxito organizacional. La rentabilidad en el largo plazo que caracteriza a las empresas de alto desempeño, se genera por acciones de liderazgo estratégico y operativo que conducen al compromiso y apasionamiento del colaborador, al igual que a la lealtad y devoción del cliente, para de forma conjunta generar unos y otros la vitalidad organizacional. Adicionalmente, a través de la exposición se amplían los conceptos tradicionales sobre aquellos factores críticos que inciden en el alto desempeño organizacional, se plantea la resignificación de variables relacionadas con el desempeño organizacional y se profundiza en los elementos que inciden sobre estos factores.

  8. Aplicación del liderazgo servidor en las organizaciones

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos William Marín G.

    2014-06-01

    Full Text Available Aplicar el liderazgo servidor en las organizaciones incluye observar la relación existente entre el liderazgo de servicio y diversas variables relacionadas con el comportamiento de las personas al interior de la organización, en este caso específico, a partir de una revisión teórica de investigaciones referentes al tema. Se destaca la propuesta de The Blanchard Companies sobre un modelo a través del cual los resultados se convierten en consecuencia del logro de la visión institucional con la participación activa de empleados y clientes. Es una perspectiva que propone el liderazgo de servicio como elemento nuclear para el éxito organizacional. La rentabilidad en el largo plazo que caracteriza a las empresas de alto desempeño, se genera por acciones de liderazgo estratégico y operativo que conducen al compromiso y apasionamiento del colaborador, al igual que a la lealtad y devoción del cliente, para de forma conjunta generar unos y otros la vitalidad organizacional. Adicionalmente, a través de la exposición se amplían los conceptos tradicionales sobre aquellos factores críticos que inciden en el alto desempeño organizacional, se plantea la resignificación de variables relacionadas con el desempeño organizacional y se profundiza en los elementos que inciden sobre estos factores.

  9. Psicologia Organizacional e do Trabalho: Relato de Experiência em Estágio Supervisionado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Priscilla de Oliveira Martins-Silva

    Full Text Available Resumo Trata-se de relato de experiência em estágio supervisionado em Psicologia Organizacional e do Trabalho (POT envolvendo um grupo de alunos de uma Instituição de Educação Superior (IES localizada no Estado do Espírito Santo. O objetivo central foi discutir os aspectos teóricos e práticos que influenciaram na formação profissional do discente em Psicologia, tendo como foco o estágio supervisionado. Além de relatar a experiência, foi realizado um levantamento junto aos ex-alunos sobre as contribuições do estágio na sua formação educacional e profissional. Da experiência relatada foi possível verificar que: a instituição das Diretrizes Curriculares Nacionais (DCN constituiu-se em um marco na flexibilização curricular dos cursos; o estágio é um componente curricular de integração entre ensino, pesquisa e prática; e o estágio em POT requer dos discentes conhecimentos multidisciplinares. Além desses aspectos, observou-se que a prática do estágio supervisionado indica o rompimento com a imagem negativa do psicólogo que atua em POT, limitada à aplicação de testes e psicotécnicas. De fato, a atividade do psicólogo em POT mostrou-se muito mais ampla e complexa, sobretudo em termos dos impactos de sua intervenção no ambiente organizacional.

  10. AS PRÁTICAS DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS E O COMPROMETIMENTO ORGANIZACIONAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Micheline Klauck

    2009-01-01

    Full Text Available Este trabalho tem como tema o comprometimento organizacional, abordando de forma especial o modelo multidimensional desenvolvido por Meyer e Allen (1997, além de descrever os processos utilizados na gestão de recursos humanos. O estudo foi realizado em duas empresas com práticas de gestão de pessoas diferenciadas. Foram analisados os níveis de comprometimento buscando a relação com as práticas adotadas pelas empresas. Os dados da pesquisa foram levantados por meio de entrevistas, observação e questionários. A análise dos dados foi feita utilizando-se técnicas estatísticas descritivas. Observou-se que a empresa Y, que possui seus processos de recursos humanos estruturados de forma relativamente aderente à bibliografia estudada, apresentou um nível de comprometimento afetivo significativamente maior, se comparada à empresa X, que possui algumas fragilidades em seus processos. Palavras-chave: Comprometimento Organizacional. Recursos humanos. Práticas de Gestão.

  11. TENSION AS A HERMENEUTIC OPERATOR FOR POLITICAL RATIONALITY IN HANNAH ARENDT A TENSÃO COMO UM OPERADOR HERMENÊUTICO PARA UMA RACIONALIDADE POLÍTICA EM HANNAH ARENDT

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Geraldo Adriano E. Pereira

    2008-04-01

    Full Text Available The arendtian research, with its “sui generis” style of topicing the
    politcs and pointing out political’s perplexities, it require our eyes one perception its researcheness logical. We are calling this logical as “tension”, it’s one hermeneutic conception which helps us in the comprehension of his work’s political reasonableness. It has been presented in its many political approaches.a investigação arendtiana, com seu modo sui generis de tematizar a
    política e apontar para as perplexidades do político, exige dos nossos olhos uma percepção de sua lógica investigativa. A esta lógica estamos chamando de ‘tensão’, um operador hermenêutico que nos auxilia na compreensão de uma racionalidade política em sua obra, sendo um presente em suas diversas formas de abordagem da política.

  12. Construindo pontes entre a Comunicação Organizacional e a Comunicação Corporativa

    DEFF Research Database (Denmark)

    Christensen, Lars Thøger; Cornelissen, Joep

    2017-01-01

    A teoria e a prática da comunicação corporativa são habitualmente orientadas por interesses disciplinares para além dos do campo da comunicação organizacional. Por outro lado, o foco na preocupação com a integridade e consistência das mensagens corporativas tem vindo a infuenciar cada vez mais os...... estudos contemporâneos da comunicação organizacional. Neste contexto, apresentamos uma revisão crítica sobre as pesquisas feitas no âmbito da comunicação corporativa, por forma a constituir uma plataforma que permita destacar cruzamentos importantes com as pesquisas tradicionais da comunicação...... organizacional e que possibilite uma maior integração entre estes dois domínios de investigação. O objetivo desta revisão é, por um lado, esbater os tradicionais pressupostos subjacentes às pesquisas de comunicação corporativa e, por outro, mostrar como essas dimensões interagem no âmbito das análises...

  13. Mapeamento do clima organizacional em instituição de educação superior

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adelcio Machado dos Santos

    2016-04-01

    Full Text Available O paradigma constitui o fundamento sobre o qual a comunidade científica desenvolve suas pesquisas, as quais servem de base para o desenvolvimento subsequente da cientificidade. A visão sistêmica possui duas características sistêmicas: a totalidade e o propósito. A primeira estabelece uma visão do conjunto, ou seja, uma organização precisa ser visualizada como um sistema e não separadamente e, o propósito, mostra que é a função que faz a organização, visto que todo sistema possui um objetivo e um propósito para alcançar. O clima organizacional abrange diversos aspectos da conjuntura, que se adiciona reciprocamente em graus diversos, com a modalidade da organização, tecnologia envolvida, as políticas, as metas formais, os regulamentos internos; em suma, fatores estruturais e conjunturais. O artigo em tela projeta luz sobre o mapeamento do clima organizacional em uma instituição de educação superior. A metodologia empregada combina análise quantitativa e qualitativa através de aplicação de questionários. Conclui-se que o mapeamento do clima organizacional é de fundamental relevância para a tomada de decisão na gestão universitária.

  14. Clima organizacional: uma revisão histórica do construto

    OpenAIRE

    Igor Gomes Menezes; Ana Cristina Passos Gomes

    2010-01-01

    Clima organizacional pode ser caracterizado como um conjunto de percepções compartilhadas por trabalhadores sobre diferentes aspectos do ambiente organizacional, sendo um dos construtos mais investigados no campo do comportamento organizacional. Este trabalho objetivou sistematizar parte dos conhecimentos produzidos sobre clima organizacional ao longo dos anos, ao estabelecer um ordenamento histórico das pesquisas sobre o tema em três momentos: de 1930 a 1960, estudo da taxonomia, contexto e ...

  15. GEOGRAFIA E GÊNERO: da crítica à racionalidade à aproximação pós-estruturalista

    OpenAIRE

    Almir Nabozny; Marcio Jose Ornat

    2009-01-01

    El presente ensayo tiene por objetivo abordar el género bajo la luz crítica de la racionalidad blanca, masculina y europea. Es evidente que la discusión del modelo de racionalidad científica no es auténtica con el momento actual, pues sus raíces se remontan a la propia sistematización de la ciencia moderna. De este modo los estudios de género acompañan a los debates ya existentes en la matriz teórico-metodológica racionalista. De la misma forma demostramos que el género y la Geografía hasta e...

  16. Clima organizacional en empresas colombianas 1980-2004.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Eduardo Méndez Álvarez

    2010-05-01

    Full Text Available Las empresas hacen esfuerzos por identificar, mediante su medición, el clima organizacional que perciben sus empleados, acudiendo a técnicas diseñadas para este propósito por profesionales expertos en el tema. Este trabajo presenta los resultados de la aplicación de un instrumento para medir clima en organizaciones colombianas (IMCOC, diseñado y aplicado por este autor, con estudiantes de pregrado y postgrado de la Facultad de Administración de la Universidad del Rosario, y en trabajos de consultoría en el período comprendido entre 1980-2004, en 176 empresas de diferentes sectores y tamaños en Colombia. Los resultados se presentan en dos perspectivas, así: (i descripción en la perspectiva de hipótesis de primer grado, que resulta del procesamiento de toda la información, teniendo en cuenta las preguntas de cada una de las variables en su positividad y promedio obtenido en 176 empresas en los años de su aplicación. Puede entenderse este como un perfil de clima organizacional en las empresas colombianas. (ii Análisis del comportamiento de las variables del IMCOC, en cada uno de los estudios, que explican la forma como se ha presentado la percepción del clima organizacional en el tiempo y su relación con la cultura de la organización, para concluir que el clima organizacional percibido por los empleados, en las empresas colombianas, se explica en el contexto de la cultura organizacional, que resulta de la aplicación de un determinado modelo administrativo.

  17. GESTÃO CRIATIVA: EM BUSCA DA SUSTENTABILIDADE ORGANIZACIONAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Denis Pontes Coelho

    2010-07-01

    Full Text Available O presente artigo expõe a Gestão Criativa como um modelo alternativo de Gestão. O modelo proposto que tem como foco de atuação a Cultura Organizacional e como esta pode se transformar numa cultura criativa, gerando criticidade, criatividade, auto-organização, conhecimento e sustentabilidade, ao mesmo tempo em que também é reformulada, como num mecanismo de auto-referência e Autopoiese. A consultoria em Gestão Criativa se insere como um meio facilitador de todo o processo de mudança de cultura organizacional.

  18. El marketing al servicio de las organizaciones del tercer sector

    OpenAIRE

    Claudia Eugenia Toca Torres

    2013-01-01

    El objetivo del presente artículo es revisar el verdadero significado del marketing al servicio de las organizaciones cuya finalidad es neta y exclusivamente social. El artículo toma distancia del mercadeo social —tan ampliamente investigado — y evita en todo momento una adopción discrecional de herramientas y procesos del marketing comercial; busca en consecuencia, consolidar un enfoque acorde con la naturaleza, actividades y público de las organizaciones sociales. A partir del análisis de l...

  19. Factores psicosociales en el cambio organizacional: Banco Central del Ecuador

    OpenAIRE

    Jaramillo Veloz, Marivel Rosario

    2012-01-01

    En el primer capítulo se presenta el marco teórico que ha servido de referencia para esta tesis, contiene los temas de factores psicosociales, las Teorías Psicosociales, Factores de Riesgo Psicosocial y las Normas legales en materia de Prevención de riesgos psicosociales. En el segundo capítulo, a su vez se trata de la Cultura Organizacional en las Instituciones del Sector Público, incluye los aspectos de cultura, clima y cambio organizacional y resistencia. El tercer cap...

  20. La Comunicación Organizacional en Entidades Educativas

    OpenAIRE

    Papic Domínguez, Gabriela Katia

    2016-01-01

    En la investigación se aborda el tema de la comunicación organizacional en entidades educativas, se desarrolla en el caso de la aplicación de la comunicación organizacional interna entre los directivos y el profesorado, en el marco del incremento de la eficacia de la gestión escolar en el establecimiento educativo, adscrito a las comunas de Pudahuel y La Cisterna. Los principales antecedentes que constituyen parte del contexto educacional a nivel mundial, como en el Sistema Educativo Nacio...

  1. HISTORIAS DE APRENDIZAJE: UNA HERRAMIENTA PARA EL DESARROLLO ORGANIZACIONAL

    OpenAIRE

    Ana Cristina Marín Fernández; María Isabel Velasco de Lloreda

    2001-01-01

    El presente artículo parte de una reflexión acerca de la importancia del aprendizaje al interior de las organizaciones en función de su desarrollo organizacional. Presenta una reseña de la metodología de historias de aprendizaje desarrollada por los profesores Art Kleiner y George Roth, en el Center for Organizational Learning y el Reflection Learning Associates de MIT, como una herramienta de tipo administrativo, utilizada para promover el aprendizaje y el...

  2. Comprometimento organizacional e profissional da equipe de saúde.

    OpenAIRE

    Llapa Rodríguez, EO.; Trevizan, M.A.; Shinyashiki Tadeu, G.; Mendes Costa, IA.

    2009-01-01

    Campo de Estudio: La presente investigación fue realizada en un Servicio de Salud de Atención Primaria en Arequipa–Perú. Objetivo: identificar y analizar el compromiso organizacional y profesional de trabajadores que integran un equipo de atención primaria. Método: Estudio de caso realizado con 12 profesionales de salud, fundamentado en el modelo teórico de Meyer y Allen para el Compromiso Organizacional y Profesional, utilizando entrevistas semi-estructuradas analizadas s...

  3. Gestión de organizaciones: enfoques y aplicaciones

    OpenAIRE

    Zárate, Rodrigo; Argüelles Pabón, Denise Caroline; Aparicio García, Santiago; Largacha Martínez, Carlos; Pérez Uribe, Rafael; de la Hoz, Gerardo A.

    2013-01-01

    Una buena gestión puede transformar una organización. El libro Gestion de organizaciones enfoques y aplicaciones, realiza un análisis de todos los aspectos relevantes que llevan a una organización a generar nuevas y mejores prácticas para el impulso de su productividad y competitividad. se estudian diferentes modelos de gestión con el fin de potencializar el aprendizaje organizacional, es decir la gestión del conocimiento, del talento y la gestión por competencias....

  4. Clima psicológico e desempenho organizacional nas secções de uma autarquia local

    OpenAIRE

    Vicente, Helena Isabel Varela

    2008-01-01

    Dissertação de Mestrado apresentada ao Instituto Superior de Psicologia Aplicada para a obtenção do grau de Mestre na especificidade de Psicologia Social e das Organizações O presente trabalho propõe averiguar se o clima psicológico positivo numa autarquia local influencia o desempenho organizacional de forma igualmente positiva. Assim, inicialmente, aplicou-se um questionário de avaliação de clima psicológico de Brown & Leigh (1996), para analisar o clima psicológico...

  5. Internacionalização das redes de franquias brasileiras: uma análise organizacional e institucional

    OpenAIRE

    Pedro Lucas de Resende Melo

    2012-01-01

    Mesmo que apenas 4,7% das redes de franquias brasileiras atuem internacionalmente, na última década o processo de internacionalização das redes de franquias brasileiras apresentou um crescimento de 300%. Existem atualmente cerca 70 redes de franquias brasileiras em operação em todos os continentes, representando cerca de 49 países, constituindo mais de 700 unidades franqueadas. Esta tese realizou uma análise organizacional e institucional envolvendo as redes de franquias brasileiras com opera...

  6. Aprendizaje organizacional: creación o destrucción de valor

    OpenAIRE

    Castellano Masías, Pedro

    2014-01-01

    El aprendizaje organizacional viene siendo tema de mucho interés en las organizaciones. Numerosos artículos y libros se escriben promoviendo el aprendizaje organizacional y proponiendo métodos de gestión del conocimiento, la mayoría de ellos presentan el aprendizaje organizacional como una disciplina o un conjunto de prácticas que crean valor para la empresa. No obstante, aunque muchos aspectos del aprendizaje en las organizaciones tienen como resultado la creación de valor para algunos grupo...

  7. Clima organizacional: análise fatorial confirmatória de modelos de mensuração concorrentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Ioshiteru Kinpara

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi verificar qual modelo de mensuração para a Escala Clima Organizacional (ECO ajusta-se melhor aos dados. Quatro modelos concorrentes foram comparados: 1 o modelo de sete fatores de Laros e Puente-Palacios; 2 um modelo de cinco fatores derivado do modelo anterior; 3 um modelo de seis fatores baseado na teoria de campo vital de Lewin; e 4 um modelo de três fatores baseado na teoria de motivação de McClelland. Foram analisados os dados de 9.901 respondentes da ECO. Os resultados de análise fatorial confirmatória indicaram o modelo de três fatores como o melhor. Todos os modelos mostram ajuste suficiente aos dados. Sugere-se que a escolha do modelo baseie-se na finalidade de uso da escala.

  8. O sensível e o inteligível: Merleau-Ponty e o problema da racionalidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Damon Santos Moutinho

    2004-12-01

    Full Text Available Este artigo investiga a crítica merleau-pontiana ao idealismo moderno a partir do modelo reflexivo adotado por este último. Procura mostrar a necessidade em que o filósofo se vê de superar a separação entre o domínio da "sensibilidade" e do "entendimento", como condição para redefinir o problema da racionalidade. Procura mostrar ainda que a "reflexão radical" proposta por Merleau-Ponty, em oposição à reflexão idealista, leva-o a retomar as tarefas que outrora cabiam à metafísica clássica.This paper investigates Merleau-Ponty's criticism of modern idealism, which stems from the reflective model adopted by the latter. It aims at showing the need the philosopher has of going beyond the separation between the realm of "sensitivity" and the one of "understanding", as a condition to redefine the problem of rationality. It aims also at showing that the "radical reflection" proposed by Merleau-Ponty, as opposed to idealistic reflection, leads him to resume the tasks that used to be dealt with by classical metaphysics.

  9. Não há bela sem senão. A identificação organizacional, os comportamentos de dedicação ao trabalho e o conflito trabalho-família

    OpenAIRE

    Tavares, S.; Caetano, A.; Silva, S.

    2007-01-01

    Este estudo pretendeu analisar a influência da identificação organizacional na percepção de conflito trabalho­‑família do indivíduo, testando o papel mediador da dedicação ao trabalho. Este trabalho é inovador, na medida em que, na literatura, não se conhecem estudos que, de uma forma geral, avaliem as consequências da identificação organizacional para o indivíduo e, particularmente, o seu impacto na percepção de conflito trabalho­‑família. Por forma a podermos estudar estas relações, elaborá...

  10. CONTROL ORGANIZACIONAL EN LA REALIDAD Y COMPLEJIDAD DE LAS UNIVERSIDADES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edgar Chirinos

    2009-04-01

    Full Text Available En el artículo se presenta un análisis del control organizacional en la gestión académica de las universidades, bajo las perspectivas de la teoría de los sistemas y la teoría de las contingencias con abordajes de las características particulares de estas instituciones. La finalidad al estudiar el control organizacional es detectar las diferencias emergentes al aplicar el control como parte de los procesos de gestión, interacción, interrelación, mecanismos que puedan conllevar al aumento de la probabilidad de involucrar a los individuos en el alcance de los propósitos de la organización y puedan ellos mismos ser sujetos y objetos, actores y observadores del control organizacional entendido como un valor institucional que junto a otros atributos constituye a dar cohesión a la cultura y clima organizacional universitario.

  11. Prioridades axiológicas e comprometimento organizacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tamayo Alvaro

    2001-01-01

    Full Text Available Foi objetivo desta pesquisa estudar se as prioridades axiológicas do empregado e o tempo de serviço influenciam o comprometimento afetivo com a organização. Esta relação foi estudada com uma amostra de 200 empregados. Os instrumentos utilizados foram o Inventário de Valores de Schwartz e a Escala de Mowday de comprometimento afetivo organizacional. A análise de regressão múltipla, utilizada para testar o poder preditivo dos dez tipos motivacionais de valores, revelou que Tradição, Poder, Estimulação e Universalismo foram os preditores axiológicos mais relevantes do comprometimento organizacional. A relação do comprometimento organizacional foi negativa com Estimulação (beta = - 0,26 e positiva com os outros três tipos motivacionais de valores. Quando foi verificado o poder preditivo dos quatros fatores de ordem superior somente Conservação surgiu como antecedente do comprometimento organizacional. Concluiu-se que, do ponto de vista das motivações axiológicas, o comprometimento é um comportamento complexo.

  12. Prioridades axiológicas e comprometimento organizacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alvaro Tamayo

    Full Text Available Foi objetivo desta pesquisa estudar se as prioridades axiológicas do empregado e o tempo de serviço influenciam o comprometimento afetivo com a organização. Esta relação foi estudada com uma amostra de 200 empregados. Os instrumentos utilizados foram o Inventário de Valores de Schwartz e a Escala de Mowday de comprometimento afetivo organizacional. A análise de regressão múltipla, utilizada para testar o poder preditivo dos dez tipos motivacionais de valores, revelou que Tradição, Poder, Estimulação e Universalismo foram os preditores axiológicos mais relevantes do comprometimento organizacional. A relação do comprometimento organizacional foi negativa com Estimulação (beta = - 0,26 e positiva com os outros três tipos motivacionais de valores. Quando foi verificado o poder preditivo dos quatros fatores de ordem superior somente Conservação surgiu como antecedente do comprometimento organizacional. Concluiu-se que, do ponto de vista das motivações axiológicas, o comprometimento é um comportamento complexo.

  13. El empowerment como predictor del compromiso organizacional en las Pymes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Martha Ríos Manríquez

    2010-01-01

    Full Text Available La relación entre las variables de empowerment y compromiso organizacional ha sido un campo poco explorado desde la perspectiva organizacional. Esta investigación establece el nivel de influencia del empowerment queexperimentanloscolaboradores con respecto al compromiso hacia la organización para la cual laboran. Se utiliza como referencia un modelo generado con base en la descripción del empowerment en cuatro dimensiones: significado, competencia, autodeterminación e impacto; y del compromiso organizacional en tres: compromiso continuo, normativo y afectivo. Para validar el modelo propuesto, a partir de los resultados obtenidos en otros países, se administró una encuesta a 147 participantes de seis Pymes localizadas en el municipio de Celaya, Guanajuato, México. Las empresas pertenecen a los sectores de servicios, comercio y producción. Los resultados confirman las hipótesis planteadas en el sentido de que el empowerment es un predictor del compromiso organizacional; sin embargo, al analizar el impacto individual de cada una de las dimensiones se observa que sólo el compromiso afectivo tiene un impacto directo en las cuatro dimensiones planteadas.

  14. RELAÇÃO ENTRE A PERCEPÇÃO DO CLIMA ORGANIZACIONAL E O COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL POSITIVO: ESTUDO NO SETOR DE OBRAS DA PREFEITURA DE TAMBOARA-PR

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joao Paulo dos Santos Sanches

    2015-12-01

    Full Text Available A Administração Pública tem passado por uma série de reformas, uma delas é a transição do modelo burocrático para o gerencial, essa nova maneira de gestão tem como preceitos a qualidade nos serviços, busca por eficiência e a redução de custos. Nesse contexto, a Gestão de Pessoas possui a responsabilidade de movimentar, desenvolver e valorizar os profissionais para a consecução dos objetivos organizacionais. Um dos aspectos que deve ser observado pelos gestores é a percepção que os funcionários têm sobre a organização, pois a partir dessa assimilação é que os mesmos avaliam e sentem-se satisfeitos ou não, podendo consequentemente gerar resultados indesejáveis para a organização, já que esta avaliação realizada pelos funcionários exerce influência em seu comportamento organizacional. Essa percepção, quando extraída do coletivo, também é conhecida como clima organizacional. O objetivo da pesquisa é analisar como a percepção sobre o clima organizacional dos servidores do setor de obras, da prefeitura de Tamboara-PR, influencia em seu comportamento organizacional positivo. O trabalho é classificado como de tipo descritivo, caracterizando-se como de natureza mista, a coleta de dados utilizou a população de 24 funcionários. Com os resultados demostrou-se que a percepção dos servidores tem relação com o seu comportamento organizacional positivo, visto que a existência ou a inexistência de alguns aspectos lhes exerce influência no relacionamento interpessoal e na consecução das atividades diárias.

  15. Organization life cycles: longevity and mortality of micro and small industries in Contagem - Minas Gerais, Brazil Ciclo de vida de las organizaciones: señales de longevidad y mortalidad de micro y pequeñas industrias en la región de Contagem - Minas Gerais, Brasail Ciclo de vida das organizações: sinais de longevidade e mortalidade de micro e pequenas indústrias na região de Contagem - MG

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wendel Alex Castro Silva

    2010-09-01

    la quinta fase y presentan características positivas de las fases anteriores. En razón de algunas limitaciones de la investigación se sugiere su ampliación para la totalidad de la poblaciónEste trabalho teve como objetivo identificar em qual estágio do Ciclo de Vida Organizacional estão algumas micro e pequenas empresas do segmento industrial da região de Contagem-MG, a partir da abordagem de longevidade empresarial segundo a tipologia de Adizes (1990. Para alcançar os objetivos do estudo, efetuou-se uma pesquisa de campo quantitativa com uma amostra de dezessete empresas, selecionadas por acessibilidade, em uma carteira de clientes da principal instituição financeira da região. Os dados foram coletados por meio de questionário fechado, com a escala de Likert de cinco pontos. Na análise de resultados foi utilizada uma abordagem descritiva, não paramétrica, para estabelecer o Ranking Médio (RM e mensurar o grau de concordância das características avaliadas. Os principais resultados mostram que as empresas pesquisadas com até dois anos de vida encontram-se no segundo estágio, a Infância; as empresas com idade de dois a cinco anos não apresentam um estágio definido, variando entre o segundo e o quinto estágio, a Plenitude; as empresas com mais de cinco anos encontram-se no quinto estágio e apresentam características positivas dos estágios anteriores. Em razão de algumas limitações da pesquisa, sugere-se sua ampliação para a totalidade da população

  16. O estudo da cultura organizacional: as dificuldades estão no objeto ou nas formas de defini-lo?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carmen Pires Migueles

    Full Text Available Este artigo trata das dificuldades teóricas e epistemológicas do estudo da cultura organizacional. O texto parte da idéia de que maiores progressos não foram feitos no entendimento de como uma cultura organizacional se desenvolve e muda, devido à confusão entre objeto e métodos de estudo da antropologia e da sociologia, por um lado, e da psicologia, por outro. Isso tem causado uma constante dificuldade na definição do objeto de estudo e na produção de conhecimentos válidos sobre o tema. Segue-se, então, uma discussão sobre o uso crescente de pesquisas com método fenomenológico em administração e os seus riscos, como excesso de subjetivismo do pesquisador, indefinição quanto ao objeto e impossibilidade de validação de resultados. É abordada a contribuição dos clássicos da sociologia na construção do saber sociológico e na separação desse saber dos que são próprios da psicologia, para a partir daí, ter-se uma perspectiva de olhar sobre a cultura. Propõem-se, então, a perspectiva antropológica como uma alternativa promissora, baseada no método etnográfico de pesquisa e tratamento semiótico dos dados, como aquela capaz de produzir conhecimentos válidos, do ponto de vista da antropologia, e aplicáveis na gestão.

  17. Choque de gestão ou choque de racionalidades? O desempenho da administração pública em questão Management shock or rationality shock? The performance of public administration put into question

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanessa Brulon

    2013-04-01

    Full Text Available A partir dos processos de reforma gerencial colocados em prática em âmbito mundial, desencadearam-se propostas de reformas seguindo esta mesma lógica, também em nível estadual. O programa Choque de Gestão, implementado no Estado de Minas Gerais, é um exemplo deste tipo de proposta e merece destaque por ser avaliado de maneira bastante positiva na literatura especializada. Neste sentido, o objetivo do presente trabalho é analisar em que medida o programa Choque de Gestão, do Governo do Estado de Minas Gerais, compreende as diferentes dimensões de desempenho. Para tal, propõe-se um modelo teórico que relacione os conceitos de racionalidade instrumental e racionalidade substantiva, conforme analisadas por Ramos (1989, com o paradigma multidimensional proposto por Sander (1995. Para este último, a noção de desempenho deve ser pensada de forma mais ampla, tendo como base os critérios de eficiência, eficácia, efetividade e relevância. Aos conceitos de eficiência e eficácia relaciona-se o de racionalidade instrumental, baseada no cálculo utilitário das conseqüências, e aos de efetividade e relevância, o de racionalidade substantiva, fundamentada em valores. A relação entre os conceitos representa o quadro referencial de análise da pesquisa. Optou-se pela pesquisa qualitativa e os dados foram coletados por meio de pesquisa documental e analisados por meio do método de análise argumentativa. Para a realização da análise, foram utilizadas as categorias de substantividade e instrumentalidade, e foram criados indicadores, com base no referencial teórico, de acordo com as categorias trabalhadas. Por meio destes indicadores, analisou-se o documento Plano Mineiro de Desenvolvimento Integrado (PMDI, que consiste no planejamento de longo prazo do programa Choque de Gestão. A partir da análise realizada, pode-se observar que o conceito de desenvolvimento orientador do PMDI está impregnado de elementos substantivos, como a

  18. A dádiva organizacional: Dádiva à distância e circuitos de troca

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Philippe Steiner

    Full Text Available Resumo Este artigo apresenta as características da dádiva organizacional: uma forma particular de doação na qual uma ou mais organizações colocam-se entre o doador e o donatário. Após uma caracterização dessa doação em comparação com a dádiva maussiana, o artigo examina três características da dádiva organizacional: o papel desempenhado pela organização que separa ao mesmo tempo que conecta; os “circuitos de comércio” pelos quais passam as dádivas organizacionais e, por fim, a questão levantada pela dificuldade de reciprocar a dádiva na ausência de um contato direto entre doador e donatário. Por fim, o artigo sublinha a importância dessa dádiva para compreender a formação de uma solidariedade à distância entre os seres humanos.

  19. Resiliência organizacional e marketing social: uma avaliação de fundamentos e afinidades

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel kamlot

    Full Text Available Resumo O presente artigo relaciona os conceitos de resiliência organizacional com os de marketing social, buscando expor os pontos em comum entre tais áreas de estudo e identificando de que forma ambas se associam. Tendo como base a análise da literatura referente a ambos os temas, foi realizada uma avaliação das confluências existentes entre a resiliência e os atributos basilares do marketing social, a fim de identificar aspectos que articulassem tais domínios de conhecimento. A proposição aqui apresentada indica que a adaptação e a mudança - de comportamentos, modos de proceder e atitudes, entre outras - compõem o que aproxima o estudo da resiliência dos princípios subjacentes ao marketing social, sendo ambos vinculados pela necessidade de alterar comportamentos e pela adequação a certas situações inesperadas. No caso do marketing social, um foco na geração de bem-estar social seria observado, enquanto, no caso da resiliência organizacional, o foco das empresas estaria na necessidade inerente de mudar para não serem superadas em seu mercado de atuação, aproveitando oportunidades eventualmente surgidas a partir de uma situação de ruptura.

  20. Comportamiento organizacional base para una administración por valores en organizaciones universitarias

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Esau Caro Meza

    2011-06-01

    Full Text Available Objetivos: Este trabajo pretende aportar hacia un cambio de actitud, porque mucho se habla de globalización; pero no se habla de motivación, moral, ética, valores y compromisos. Métodos: Es oportuno iniciar una nueva etapa de recuperación, principalmente en nuestra autoestima personal, la de nuestra familia, nuestros colaboradores; por eso se presenta resultados del concurso de una prueba tomado a más de 400 estudiantes, en lo que con beneplácito nos indica que los jóvenes tienen espíritu emprendedor y en la universidad se desperdician por no cultivar u orientar a que ellos mismos se descubran. Resultados: Se establecen criterios completos sobre, comportamiento organizacional, su desarrollo y el alcance de nuestras culturas. Lo que se trata es de dar un reforzamiento ético a la globalización económica ya que el “imperialismo” dejo crisis axiológica centrado totalmente en el materialismo pragmático. Conclusiones: La administración por valores tiene mayores resultados positivos en la gestión institucional que la administración por objetivos, debido a que las personas se desenvuelven satisfechos en lo que realizan “sin presión de un control o evaluación”.

  1. PAPEL DE LA CONFIANZA en las relaciones entre organizaciones

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Irene Juana Guillén Mondragón

    2006-07-01

    Full Text Available El objetivo del presente documento es analizar las definiciones y la importancia de la confianza para crear relaciones de cooperación entre organizaciones de naturaleza distinta. Se hace referencia a los modelos de organización dominantes para acercarnos a los nuevos mecanismos de regulación social propuestos por la sociología para tratar la organización, debido a que en el contexto actual las nuevas concepciones de la organización del trabajo han promovido en las organizaciones formas distintas de competir en el mercado. Procesos de cambio que obligan a las organizaciones a construir una nueva identidad y a renovar los contratos psicológicos con sus integrantes. La noción de confianza ha sido llevada del ámbito social al organizacional con la finalidad de lograr acuerdos entre organizaciones y al mismo tiempo lograr el compromiso de los integrantes de tales entidades. Para que estas puedan funcionar bajo este marco de transformaciones requieren de relaciones de colaboración regidas por la  confianza; relaciones que se dan en los niveles individual, dentro de la organización, entre organizaciones e institucionalmente. Los diferentes niveles de confianza están presentes en las relaciones que entablan los individuos, tanto dentro de la organización como en su entorno. Algunas de las reflexiones en torno a esta problemática nos llevan a pensar que el papel de la confianza es dinámico e incide en la transferencia y el intercambio de conocimientos, técnicas y procedimientos científicos, tecnologías, productos, capitales, entre otros. Además, las relaciones fundadas en la confianza requieren de la suspensión del propio interés, en beneficio de unaorientación colectiva (Mangematin y Thuderoz, 2003. Sin embargo, también se reconoce que con todo y la posibilidad que el hombre tiene de deliberar y de generar confianza, es evidente que entre los hombres prevalecen tanto la confianza calculada como los deseos de altruismo para entrar

  2. En búsqueda de la racionalidad perdida: algunos determinantes del voto en el Distrito Federal, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gláucio Ary DILLON SOARES

    2010-07-01

    Full Text Available : Las encuestas llevadas a cabo durante el régimen militar pusieron de manifiesto que las evaluaciones de diferentes políticas públicas correlacionan muy poco entre sí, son particularmente bajas entre analfabetos y encuestados con niveles educativos bajos, y no constituyen buenos predictores de la intención de voto y de las preferencias partidistas. Sin embargo, datos procedentes de una amplia encuesta domiciliar preelectoral en el Distrito Federal, con una muestra aleatoria estratificada, contradicen estos resultados; existe correlación entre evaluaciones de distintas políticas públicas, la magnitud de las correlaciones entre evaluaciones de políticas públicas no sigue un patrón de relación con los niveles educativos y constituyen una excelente predictor de las preferencias de voto para las elecciones a gobernador. Las disparidades que arrojan estos resultados pudieran ser resultado de cambios reales en la población a lo largo de los últimos quince años, a especificidades del Distrito Federal (niveles de renta per cápita más altos y uno de los más altos niveles educativos del país, a una elección en la que el candidato de la gobernación saliente compite contra un exgobernador, al énfasis de la campaña del gobernador saliente, a características del régimen militar o a una combinación de todas ellas. Cualquiera que sea la explicación, las elecciones de 1998 mostraron la existencia de una racionalidad que conecta la intención de voto con la evaluación de políticas públicas. No obstante, este vínculo pudiera ser específico y no generalizable a otros niveles electorales ni a preferencias partidistas.

  3. Educación mapuche y educación escolar en la Araucanía: ¿doble racionalidad educativa?

    OpenAIRE

    Quilaqueo Rapimán,Daniel; Quintriqueo Millán,Segundo; Riquelme Mella,Enrique Hernán; Loncón Antileo,Elisa

    2016-01-01

    Resumen Este artículo aborda la construcción social de una doble racionalidad en el conocimiento educativo mapuche. El marco de referencia sostiene una base epistémica de conocimientos educativos mapuche y la noción de relación con el saber, donde la ecuación pasado incorporado más contexto de acción presente, es igual a prácticas observables. La metodología plantea una crítica epistemológica a la investigación tradicional realizada sobre los pueblos indígenas. Los resultados sintetizan las p...

  4. Cultura e Clima Organizacional: Liderança e motivação para o sucesso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Ventura

    2012-09-01

    Full Text Available O livro Cultura e Clima Organizacional: Contributos da Motivação e das competências de Gestão de Líderes, lançado pelo Professor Doutor Carlos Gonçalves, reflete um estudo de caso realizado sobre o Gabinete Coordenador de Educação Artística (GCEA, atualmente designado como Direção de Serviços de Educação Artística e Multimédia, integrado na Secretaria Regional da Educação e Recursos Humanos, da Direção Regional da Educação. Numa versão simplificada e resumida, as Edições Pedago apresentam a tese de doutoramento defendida pelo autor na Universidade de Cádiz.

  5. FAMILIA, CAPITAL HUMANO, Y PSICOLOGIA INDUSTRIAL/ORGANIZACIONAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandra Vélez Candelario

    2016-01-01

    Full Text Available Este estudio conduce la ciencia de la Psicología Industrial/Organizacional a la familia como grupo productivo, haciendo posible analizar sus miembros como capital humano en continuo desarrollo desde los estilos de convivencia organizada por su administración familiar. En este trabajo se ha utilizado el comportamiento organizacional y administrativo en la vida diaria de la familia. Se aplicaro n la teorías administrativas y organizacionales para entender cómo estás ayudan o no ayudan en los niveles de productividad en el trabajo y la escuela en adultos y n iños, haciéndolos capaces o no de competir en la economía de su comunidad.

  6. Liderazgo, poder y movilización organizacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francoise Venezia Contreras Torres

    2013-01-01

    Full Text Available El objetivo de este estudio es analizar los procesos de liderazgo y poder, como fenómenos que se suscitan al interior de las organizaciones a partir de las interacciones que se dan entre las personas (agentes que las conforman. Se comprende a la organización como un sistema dinámico en permanente proceso de cambio que se moviliza, en virtud de la relación dinámica, que se da entre líderes y colaboradores. Dado que se trata de un estudio teórico, el análisis se hace a través de una revisión bibliográfica. Como conclusión se puede afirmar que el liderazgo y el poder movilizan a la organización y pueden llevarla a desequilibrios productivos, los cuales favorecen el desarrollo de las organizaciones y su perdurabilidad.

  7. Memoria organizacional en la retroalimentación de clientes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Javier E De la Hoz Freyle

    2014-12-01

    Full Text Available La retroalimentación de clientes en las organizaciones representa una base significativa de conocimientos que pueden ser aprovechados en beneficio de la mejora continua de procesos, a través de estrategias de gestión del conocimiento (GC. Estas estrategias pueden ser potenciadas por medio de la incorporación de memorias organizacionales como mecanismos para el almacenamiento y recuperación de recursos de conocimiento. Este planteamiento motivó una investigación guiada por la metodología de sistemas blandos que incorporó una memoria organizacional como eje de la GC en la retroalimentación de clientes, buscando brindar beneficios en la mejora de procesos y servicios. El presente artículo muestra el desarrollo de dicha investigación, así como su contribución a la mejora continua de la entidad intervenida.

  8. Responsabilidad ambiental: factor creador de valor agregado en las organizaciones

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexa Senior

    2007-01-01

    Full Text Available Este artículo tiene como objetivo analizar la responsabilidad ambiental como oportunidad para crear valor en las organizaciones, en el entendido de que la misma permite cimentar las bases del desarrollo sustentable. Se considera igualmente la responsabilidad ambiental como elemento capaz de disminuir costos por riesgos y aumentar el "market share" a través de la innovación. Para lograr este objetivo se empleó la contrastación de teorías las cuales explican cómo la responsabilidad ambiental puede generar valor agregado en las organizaciones a partir de consideraciones tales como, ética ambiental, legitimidad y desarrollo sustentable. Se concluye que las empresas a través de sus esfuerzos socioambientales pueden obtener beneficios a la vez que mejoran su capital reputacional.

  9. El marketing al servicio de las organizaciones del tercer sector

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudia Eugenia Toca Torres

    2013-01-01

    Full Text Available El objetivo del presente artículo es revisar el verdadero significado del marketing al servicio de las organizaciones cuya finalidad es neta y exclusivamente social. El artículo toma distancia del mercadeo social tan ampliamente investigado y evita en todo momento una adopción discrecional de herramientas y procesos del marketing comercial; busca en consecuencia, consolidar un enfoque acorde con la naturaleza, actividades y público de las organizaciones sociales. A partir del análisis de literatura especializada de las ciencias sociales y políticas, como institucionalismo, política social, bienes públicos, pobreza y vulnerabilidad, se deduce un lenguaje pertinente para esta tipología mercadológica, y se trasciende a su respectivo contraste con la realidad social colombiana. Estas claridades permiten, finalmente, proponer el contenido de un curso sobre asuntos sociales y de marketing.

  10. El marketing al servicio de las organizaciones del tercer sector

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudia Eugenia Toca Torres

    2013-10-01

    Full Text Available El objetivo del presente artículo es revisar el verdadero significado del marketing al servicio de las organizaciones cuya finalidad es neta y exclusivamente social. El artículo toma distancia del mercadeo social —tan ampliamente investigado — y evita en todo momento una adopción discrecional de herramientas y procesos del marketing comercial; busca en consecuencia, consolidar un enfoque acorde con la naturaleza, actividades y público de las organizaciones sociales. A partir del análisis de literatura especializada de las ciencias sociales y políticas, como institucionalismo, política social, bienes públicos, pobreza y vulnerabilidad, se deduce un lenguaje pertinente para esta tipología mercadológica, y se trasciende a su respectivo contraste con la realidad social colombiana. Estas claridades permiten, finalmente, proponer el contenido de un curso sobre asuntos sociales y de marketing.

  11. O ESPAÇO ORGANIZACIONAL E O ESPAÇO DA CIDADE: AS DIVERSAS FORMAS DE APROPRIAÇÃO FÍSICA E SIMBÓLICA DE UM CENTRO COMERCIAL EM PORTO ALEGRE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marina Dantas de Figueiredo

    2012-12-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho é observar como o espaço privado de uma organização é apropriado para a convivência de grupos sociais diversos, em razão da escassez de equipamentos urbanos, que obriga o confronto entre modos de vida diferentes, mediante a apropriação física e simbólica de um mesmo espaço. Através do estudo foi possível perceber que a organização em questão está em meio a relações combinadas e, ao mesmo tempo, contraditórias, que caracterizam o espaço urbano e que se contrapõem a ordem, a racionalidade e a norma, de um lado, e a desordem, a espontaneidade e os desejos de prazer, do outro. Entendemos, portanto, que a organização estudada deve ser percebida como um equipamento da cidade, e seus objetivos econômicos devem estar em concordância com a função que o espaço organizacional ocupa no contexto urbano.

  12. Clima organizacional: un modo eficaz para dirigir los servicios de salud Climas organizacional: um modo eficaz para dirigir os serviços de saúde Organizational climate: an efficient way to conduct health services

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Arturo Alexánder Segura Massó

    2012-01-01

    desenvolvimento de quatro elementos fundamentais dentro de qualquer organização do setor: a auto-eficácia do trabalhador, a satisfação do paciente, a qualidade do serviço fornecido, e a formação de recursos humanos no subsistema de pós-graduação. Conclui-se que o estudo do clima organizacional dentro duma instituição ou serviço de saúde deve contribuir para o estabelecimento de relações harmoniosas entre seus trabalhadores e como consequência se deve produzir um aumento da auto-eficácia deles na satisfação da população que garanta a qualidade do serviço de saúde fornecido. Por tanto, assevera-se que a análise e estudo do clima organizacional de um serviço de saúde são os modos mais eficazes para administrálo.We see the way health organizations, institutions and/ or services are conducted in Cuba as a major challenge in the health service, starting from the concept of an appropriate organizational climate to obtain the maximum level of commitment from its workers in tasks being developed. Purpose: To formulate considerations about the way in which organizational climate analysis and study constitute an efficient organizational way of health management for the constant pursue of excellence. Studying and implementing an appropriate organizational climate in health services favors the development of four core elements within any organization in the sector: worker's self-efficacy, patient satisfaction, quality of services provided, and training of human resources in the post-graduate subsystem. In conclusion, studying organizational climate within a health institution or service should contribute to establish harmonious relations among workers and, consequently, it should increase self-efficacy in the satisfaction of the population, ensuring the quality of services provided. Therefore, it is hereby stated that analyzing and studying the organizational climate of a health service is the most efficient way to conduct it.

  13. CULTURA ORGANIZACIONAL EM INSTITUIÇÕES MILITARES DE ENSINO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jurandir Andrade Costa

    2013-03-01

    Full Text Available O presente estudo apresenta como objetivo, identificar a cultura organizacional presente no Centro de Formação e Aperfeiçoamento da Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte – Brasil (CFAPM a partir do modelo dos estilos de funcionamento organizacional de Paz e Mendes. Para tanto, se utilizou de uma pesquisa do tipo descritiva, classificada como sendo um estudo de caso e de natureza predominantemente quantitativa, realizado com 59 policiais militares que trabalham no CFAPM, possibilitando a identificação da cultura organizacional e as relações existentes entre as variáveis sócio demográficas dos indivíduos estudados. Os dados foram tratados por meio de técnicas de estatística, Teste Qui-quadrado, o Teste Exato de Fisher e a Analise de Correspondência. Os resultados obtidos indicaram a predominância do estilo cultural afiliativo a partir da percepção dos policiais pesquisados e apontaram uma significativa relação entre as variáveis sócio demográficas e os estilos culturais, de forma a identificar que tal predominância foi apontada por 55,9% dos policiais, e que esta se deu em todas as características gerais, percebendo-se que a cultura organizacional absorve influência de acordo com a variação de tais características. Por fim, conclui-se que o presente estudo identifica que o estilo cultural predominante no CFAPM é o afiliativo, o qual possui características de um padrão coletivista, tendo como subcultura o estilo empreendedor.

  14. TEORÍA DE SISTEMAS EN LAS ORGANIZACIONES

    OpenAIRE

    Alejandro Hernández Lugo

    2003-01-01

    Reflejar y caracterizar dos puntos de vista con los que se pueden enfocar y administrar el trabajo en una empresa, y conocer las ventajas y desventajas que tiene una visión respecto a la otra puede ser un buen comienzo para aplicar la teoría de sistemas en las organizaciones.

  15. A motivação no ambiente organizacional

    OpenAIRE

    Gomes, Alcindo Arcenio Pinheiro; Quelhas, Osvaldo Luiz Gonçalves

    2003-01-01

    O presente artigo faz uma abordagem panorâmica de um elemento abstrato do ambiente organizacional e que, talvez em função desta característica, é freqüentemente negligenciado no contexto da gestão: a motivação dos recursos humanos. Apresenta uma breve visão da teoria motivacional, em que trata do conceito de motivação sob a ótica das teorias behav...

  16. El desarrollo organizacional innovador: un cambio conceptual para promover el desarrollo

    OpenAIRE

    Elsa Petit Torres

    2012-01-01

    Las concepciones que tradicionalmente han prevalecido sobre el desarrollo organizacional en el marco de la empresa limitan el desarrollo integrado en Latinoamérica. Se propone en este trabajo un nuevo planteamiento conceptual del Desarrollo Organizacional para promover los procesos creativos y transformadores en Latinoamérica. El estudio es de carácter descriptivo-documental, destaca como principales resultados: a) Argumentos que demuestran que el concepto de desarrollo organizacional tradici...

  17. de redes de organizaciones civiles (ONG's en México

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giovanna Mazzotti Pabello

    2006-01-01

    Full Text Available Considerando que una de las cuestiones mas importantes que ha tenido lugar en el campo de las organizaciones civiles (ONG’s a nivel mundial es la tendencia creciente a asociarse con otras organizaciones como estrategia para asegurar la perdurabilidad e incrementar el impacto de su trabajo. En este artículo presentamos el modo en que tiene lugar los procesos de asociación y constitución de redes de ONG’s en México y describimos las formas particulares en que, al relacionarse con la población, promueven o no, la existencia de un tipo de capital social que les permita no sólo asegurar su sobrevivencia como organizaciones sino generar las condiciones sociales y políticas para lograr la promoción de un tipo de desarrollo dirigido a la satisfacción de las necesidades objetivas, subjetivas, emocionales y estéticas de la población.

  18. Incidencia de la cultura organizacional en el compromiso organizacional del personal de una Organización Aeroportuaria.

    OpenAIRE

    Benítez Cruz, Luis Raúl

    2015-01-01

    La presente investigación se realizó teniendo como sujeto de estudio a la dirección de área de uno de los integrantes del sector aeroportuario en México durante el año 2012, de allí que el propósito de la presente investigación consistió en la realización de un análisis para determinar la incidencia que tiene la cultura organizacional sobre el compromiso organizacional del personal de la Dirección de Área. Para ello fue necesaria la determinación de las características de la cultura organizac...

  19. Teorías Implícitas, Diseño Organizacional y Eficacia

    OpenAIRE

    Ramón Rico; Manuel Fernández Ríos; Paloma Rascado; Miriam Sánchez Manzanares

    2004-01-01

    El presente estudio pretende contrastar un modelo para comprender el proceso de diseño organizacional desde una perspectiva cognitiva. Adoptando una metodología cuasi-experimental se recogieron las teorías implícitas, de los integrantes de dos organizaciones, referidas a aquellos parámetros de diseño organizacional estimados como más o menos necesarios para satisfacer diferentes áreas de eficacia organizacional. A partir de dicha información se propusieron cambios en el diseño de ...

  20. Las organizaciones intermedias en el campo de la responsabilidad social empresarial

    OpenAIRE

    Abelenda Casalet, Lucía

    2010-01-01

    Se presenta un estudio sobre un tipo particular de organizaciones de la sociedad civil, las organizaciones intermedias. Focalizamos el estudio en las organizaciones intermedias que se desempeñan en el campo de la Responsabilidad Social Empresarial. La investigación está orientada a la búsqueda de rasgos que puedan definir la acción de estas organizaciones y su capacidad de innovación social en un campo particular. En el desarrollo de la investigación se jerarquizó el nivel micro, relacionado ...

  1. Organizaciones virtuales de la integración a la desintegración integrada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sergio Aníbal Araya Guzmán

    2004-07-01

    Full Text Available En el ámbito organizacional, en los últimos tiempos, han cobrado importancia las relaciones interorganizacionales, motivando el desarrollo de nuevas formas organizativas, siendo una de éstas las “organizaciones virtuales”. En este artículo se da a conocer en qué consisten estas organizaciones y cuáles son sus principales características. Además se tratan dos aspectos importantes de considerar, concretamente, el contexto en el cual han surgido estas organizaciones y el concepto de “virtualidad”.

  2. CALIDAD Y BIENESTAR EN ORGANIZACIONES DE SERVICIOS: EL PAPEL DEL CLIMA DE SERVICIO Y LA JUSTICIA ORGANIZACIONAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vicente Martínez-Tur

    2014-05-01

    Full Text Available Este trabajo revisa los avances en la línea de investigación sobre Organizaciones de Servicios desarrollada por el IDOCAL (Instituto de Investigación en Psicología de los RRHH, Desarrollo Organizacional y Calidad de Vida Laboral, Universidad de Valencia, y la incardinación de la misma con la investigación internacional. La investigación realizada tiene como objetivo general el hacer compatible el bienestar del trabajador y su desempeño en términos de calidad de servicio ofrecida al usuario, ello en consonancia con la estrategia de la Unión Europea para salir de la crisis. Las grandes temáticas que se tratan son: la calidad de servicio, el clima de servicio, el bienestar y la justicia organizacional. En general, los resultados indican la existencia de sinergias positivas entre bienestar y desempeño en el sector servicios.

  3. Flexible Subjects: Educational Policy Neoliberal Rationalities Sujetos flexibles: racionalidades Neoliberales y políticas educativas. Vol. 13 No. 44

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lucia Gomez Sanchez

    2005-10-01

    Full Text Available Flexible Subjects: Neo-liberal Rationalities and Education Policy. This article aims to examine training and employment programmes for the young (more specifically, the Spanish Social Guarantee Schemes—Programas de Garantía Social in relation to neoliberal political rationalities. We believe the introduction of neoliberal policies to have been greater and faster precisely in the periphery of the educational system. To that end, we intend to make teachers' participation in the operation of the policies conceptually visible. The professionals’ discourse about the socio-labour integration of the young –a discourse that legitimises their daily work – will be analysed on the basis of qualitative materials from in-depth interviews. This analysis allows us to: 1 show the new ways of defining and valuing the teaching activity required and generated by these practical and institutional changes; 2 the analysis evidences some of the effects of the emerging discourses as well as the strategic roles they play in connection with neoliberal governance styles. En este texto nos proponemos examinar los programas de formación e inserción sociolaboral para jóvenes (concretamente, los llamados Programas de Garantía Social desarrollados por el estado español en relación con las racionalidades políticas neoliberales. Consideramos que es, precisamente, en los ámbitos periféricos del sistema educativo, donde la introducción de estas políticas neoliberales ha sido mayor y más acelerada. Para ello, pretendemos hacer visible la participación de los docentes en el funcionamiento de esas mismas políticas. Así, analizaremos los discursos que los profesionales de la inserción sociolaboral para jóvenes emplean para legitimar su actividad laboral cotidiana a partir de material cualitativo extraído de entrevistas en profundidad. El análisis nos permitirá, en primer lugar, mostrar las nuevas formas de definir y valorar la actividad docente

  4. Hacia una racionalidad reproductiva-ambiental. Aportes de los movimientos sociales contra las represas para la desmercantilización del territorio

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nazaret Castro Buzón

    2016-12-01

    Full Text Available Para los movimientos que resisten contras las represas en América Latina, así como para otras luchas contra los emprendimientos extractivos, el territorio es mucho más que la garantía de su subsistencia: encarna la posibilidad misma de conservar modos de vida, de ser y hacer, que implican relaciones sociales, costumbres y, en muchos casos, una cosmovisión que se enfrenta a la mercantilización de la naturaleza que propone el sistema hegemónico. Este trabajo parte del análisis de tres movimientos que resisten a proyectos de infraestructura hidroenergética en Chile (Koz Koz, Colombia (Asoquimbo y Argentina (Mesa Provincial No a las Represas. ¿En qué medida estos movimientos sociales proponen una alternativa a la racionalidad instrumental que nos hace maximizadores de utilidad o beneficio? La hipótesis propuesta es que estos movimientos están contribuyendo a la construcción de una racionalidad reproductiva-ambiental, que sitúa en el centro la reproducción ampliada de la vida, y no del capital. Esta investigación se apoya en un extensivo trabajo de campo con entrevistas, observación participativa y con análisis de fuentes primarias y secundarias.

  5. GEOGRAFIA E GÊNERO: da crítica à racionalidade à aproximação pós-estruturalista

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Almir Nabozny

    2009-01-01

    Full Text Available El presente ensayo tiene por objetivo abordar el género bajo la luz crítica de la racionalidad blanca, masculina y europea. Es evidente que la discusión del modelo de racionalidad científica no es auténtica con el momento actual, pues sus raíces se remontan a la propia sistematización de la ciencia moderna. De este modo los estudios de género acompañan a los debates ya existentes en la matriz teórico-metodológica racionalista. De la misma forma demostramos que el género y la Geografía hasta entonces categorizados, proyectan las fuerzas dispuestas a través del espacio. Sin embargo, esta no rompe totalmente con las fronteras dicotómicas. Apuntamos hacia la posibilidad de incorporar en la pauta geográfica una mirada no dicotómica relacionada solamente a hombres y mujeres, pero una agenda que dé visibilidad a los sujetos que no se estructuran en estas rígidas fronteras de género constituyéndose más allá de la organización dispuesta.

  6. ORIENTAÇÃO PARA APRENDIZAGEM, INOVATIVIDADE ORGANIZACIONAL E DESEMPENHO ORGANIZACIONAL SOB A ÓTICA DE EMPRESAS INTERNACIONALIZADAS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nathalia Berger Werlang

    2017-09-01

    Full Text Available A orientação para aprendizagem e a inovatividade organizacional vem contribuindo para que as empresas obtenham melhor desempenho organizacional. Afirma-se que estes elementos são importantes para que a empresa torne-se inovadora e receba destaque no mercado. Este trabalho teve como objetivo identificar a importância da orientação para aprendizagem e da inovatividade para o desempenho organizacional de empresas internacionalizadas do Estado de Santa Catarina. Para atingir os objetivos propostos por esta pesquisa, foi utilizada a abordagem quantitativa e descritiva. Para a coleta de dados, adotou-se a técnica survey, e como ferramenta de aplicação, foi empregado o questionário de Likert 5 pontos. Obteve-se como amostra final da pesquisa 15 questionários válidos, tabulados com o auxílio do Google Drive e Microsoft Excel. Para análise dos dados utilizou-se da estatística descritiva e univariada com auxílio do software IBM SPSS Statistics 21.0. Os resultados apontam que as empresas exportadoras encontram-se no município de Joinville, são indústrias que atuam principalmente no setor de têxteis/ calçado/moda e madeira/mobiliário. As empresas em sua maioria exportam para o Paraguai e Uruguai, por meio da exportação direta, utilizando a modalidade de transporte rodoviário. Quanto a orientação para aprendizagem, pode-se concluir que o gestor possui acesso aos dados que precisa para desempenhar o trabalho de maneira eficiente e eficaz. As dimensões da inovatividade organizacional com maior destaque foram a criatividade, abertura para mudanças, orientação futura e proatividade. Finalizando, pode-se afirmar que os gestores encontram-se satisfeitos com o desempenho organizacional dos seus negócios.

  7. A cultura organizacional como forma de controle invisível nas organizações modernas e pós-modernas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gisele Serafim Cardoso dos Santos

    2017-07-01

    Full Text Available Este artigo teve como objetivo compreender as formas de controle invisível apresentadas nas organizações modernas e pós-modernas, tendo como ponto de partida a cultura organizacional. Deste modo, um ensaio teórico foi realizado buscando respostas na relação da cultura organizacional com os mecanismos de controle, dentre eles foram abordados a burocracia, poder, ideologia e mediação. Dos resultados, obteve-se que as formas de dominação e controle social apresentam-se tanto na modernidade como na pós-modernidade, fazendo uma transição criativa dos artifícios de controle, enquanto na organização burocrática os controles invisíveis estão nos aspectos formais, como manuais e regulamentos, nas pós-burocráticas os controles são internalizados pelos indivíduos pelos valores compartilhados e pelos pressupostos básicos, ou seja, tornando-se cada vez mais inconscientes.

  8. A imagem da psicologia organizacional e do trabalho entre estudantes de psicologia: o impacto de uma experiência acadêmica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Virgílio Bittencourt Bastos

    Full Text Available Embora a Psicologia organizacional e do trabalho seja a segunda área de escolha de exercício profissional, os cursos de Psicologia, na sua maioria, ainda não a contemplam em toda a sua complexidade e dinâmica de transformação. Com isso, fortalecem-se esquemas cognitivos que representam esse campo de atuação profissional de forma limitada. O objetivo deste estudo foi o de caracterizar a imagem da Psicologia organizacional entre os estudantes de Psicologia e avaliar o impacto de uma experiência acadêmica sobre a mesma. A amostra consistiu de 150 alunos da única disciplina obrigatória do currículo relacionada à área, que responderam a um questionário aberto na primeira e na última semana do curso, no qual se pedia que escrevessem, espontaneamente, os conceitos e idéias que a área lhes evocava. Os resultados revelam alterações significativas na imagem, no início e no final do curso. Além de uma visão ampliada, os conteúdos evocados se tornaram mais positivos ao final do curso. Esses resultados apontam mudanças nos esquemas cognitivos dos estudantes, congruentes com as características e a filosofia que estruturavam a disciplina.

  9. Resistência à mudança organizacional: perspectiva valorativa e organizacional = Resistance to organizational change: values and organizational perspective = Resistencia al cambio organizacional: perspectiva valorativos y organizacionales

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Freires, Dayse Ayres do Nascimento

    2014-01-01

    Full Text Available Este estudo objetivou conhecer os correlatos valorativos e organizacionais da resistência à mudança organizacional, propondo um modelo explicativo que considera o desempenho autopercebido como variável critério. Considerou-se uma amostra de conveniência de 227 funcionários de uma empresa pública de João Pessoa, que tinham idade média de 40 anos, a maioria do sexo masculino (83,3%. Estes responderam a Escala de Resistência à Mudança Organizacional, Escala de Clima Organizacional, Questionários dos Valores Básicos, Escala de Autoavaliação de Desempenho e perguntas demográficas. Os resultados indicaram que os valores idealistas e o clima organizacional explicaram a resistência à mudança organizacional, que predisse o desempenho autopercebido. Concluiu-se que este modelo pode ser útil para compreender a aceitação das mudanças no contexto organizacional, favorecendo práticas de gestão que considerem variáveis psicológicas e organizacionais dos trabalhadores

  10. BALANCED SCORECARD: ESTRATÉGIA DE GESTÃO VINCULADA À MELHORIA DA QUALIDADE ORGANIZACIONAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Andréia Rüdell Boligon

    2014-09-01

    Full Text Available As decisões gerenciais têm sido fortemente marcadas pela necessidade de aplicação de novas técnicas e ferramentas de gestão. Nesse sentido, o Balanced Scorecard (BSC, inicialmente concebido como um sistema de avaliação organizacional e, posteriormente, tido como uma metodologia de gestão estratégica é uma sistemática de gestão capaz de concentrar energia e recursos da organização no que é essencial - seu sucesso na criação de valor. Dessa forma, este artigo propõe-se a analisar de que forma o BSC, como sistemática de gestão, pode servir de ferramenta para apoio ao desdobramento das estratégias organizacionais e contribuir para a melhoria contínua da qualidade organizacional. Para a coleta das informações, empregou-se a observação simples e entrevista pré-estruturada aplicada à gerência da organização em estudo. Diante do aporte dessas informações, propôs-se uma metodologia de implantação do BSC na organização através do cumprimento de três estágios: conhecer e interpretar a missão, a visão e a estratégia da empresa; levantamento e estruturação dos indicadores estratégicos e, efetivação da estrutura de indicadores estratégicos. Como resultados, obteve-se o conhecimento de quais são os principais benefícios auferidos com o BSC, bem como alguns pontos críticos sendo o BSC uma possibilidade de alinhar estratégia, processos e pessoas em busca de um objetivo comum.

  11. A FORMAÇÃO REFERENCIAL DO COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL NO ENFOQUE DA GESTÃO ARQUIVÍSTICA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosangela Formentini Caldas

    2012-06-01

    Full Text Available A aplicabilidade das teorias administrativas explica o processo de mudança e adaptação das unidades informacionais e refletem a influencia que o ambiente exerce sobre as organizações. O foco em estudos que otimizam os recursos institucionais, promovem uma compreensão da área da CI determinando sua essencial função na sociedade do conhecimento. O ambiente organizacional sofre influencias diretas do processo administrativo do trabalho e a solução de conflitos promove o êxito das organizações. No departamento de arquivo, o fator dos grupos informais determinados na teoria das relações humanas, exerce uma forte influência na gestão local. A pesquisa propôs verificar as influências social e científica da teoria das relações humanas para o processo de gestão de arquivos e para tanto se utilizou o estudo de caso de um arquivo pertencente a uma instituição universitária. A ferramenta estratégica de recolha de dados foi o Grupo Focal. A análise dos dados guiou-se por três fases distintas: Elementos motivacionais; influência comportamental no indivíduo e; integração da organização formal com a informal. Como resultados do estudo, a motivação e um bom ambiente de trabalho destacaram-se nos fatores que desenvolvem habilidades e competências dos funcionários, interferindo no comportamento organizacional que faz-se presente através de formas de recompensas, reconhecimento, homem social e grupos informais. Entende-se que pesquisas dessa natureza contribuem para o desenvolvimento da gestão de arquivos e sugere-se que os dados resultantes da análise sejam aplicados em arquivos com uma estrutura organizacional mais complexa, como no caso de arquivos públicos institucionais.

  12. Racionalidad del terror

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sauquillo, Julián

    2012-06-01

    Full Text Available Contemporary terrorism is not an ancestral, irrational, oriental, phenomenon. Nor is it a fanatical reaction of the religions that vindicate a backward society as against the developed societies of the first world. The terrorism of today is a thoroughly modern phenomenon: one of the worst monstrosities of modern society, supplied with rational planning of objectives. A captious interpretation of the Islamic religion endows terrorism with a universal projection among the multitudinous audience of the discontented with the might of that diffuse power that we know as the developed Western world. Al Qaeda does not hesitate to present its war against the West as «a war without quarter» lasting until the infidel Christians are eliminated and the world is subjugated to Islam In the meantime, in a similar conflictive sense, the theoretical campaign of Samuel Huntington across the entire planet responds with a paradigmatic post-cold war, capable of inflaming the international conflict, in a sense no less belligerent with the Anti-Occident than that employed by the radical Imams. As has been pointed out by Amartya Sen, to give priority in this way to the religious identity, the response of the West to international terrorism in calling it «islamic terrorism» is very clumsy, as it magnifies the importance of the religious authorities in detriment to governmental ways and means in the solving of problems.

    El terrorismo contemporáneo no es un fenómeno ancestral, irracional y oriental. Tampoco es una reacción fanática de las religiones que reivindican una sociedad atrasada frente a las sociedades desarrolladas del primer mundo. El terrorismo actual es un fenómeno plenamente moderno: uno de los peores engendros de la sociedad moderna, dotado de una planificación racional de objetivos. Una interpretación capciosa de la religión islámica dota al terrorismo de una proyección universal entre la numerosa audiencia de descontentos con el poderío de esa potencia difusa que conocemos como el Occidente desarrollado. Al Qaeda no duda en presentar su guerra con Occidente como una «guerra sin cuartel» hasta eliminar a los cristianos infieles y someter al mundo al Islam. Mientras tanto, en similar sentido conflictual, la campaña teórica de Samuel Huntington por todo el planeta, responde con un paradigma postguerra fría capaz de inflamar el conflicto internacional en un sentido no menos beligerante con anti-Occidente que el empleado por los imanes radicales. Como ha señalado Amartya Sen, al priorizar de esta forma la identidad religiosa, la respuesta de Occidente al terrorismo internacional como «terrorismo islámico» es muy torpe pues se magnifica la importancia de las autoridades religiosas en detrimento de los cauces gubernativos en la resolución de los problemas.

  13. A motivação no ambiente organizacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alcindo Arcenio Pinheiro Gomes

    2003-03-01

    Full Text Available O presente artigo faz uma abordagem panorâmica de um elemento abstrato do ambiente organizacional e que, talvez em função desta característica, é freqüentemente negligenciado no contexto da gestão: a motivação dos recursos humanos. Apresenta uma breve visão da teoria motivacional, em que trata do conceito de motivação sob a ótica das teorias behaviorista, da motivação consciente (enfoques da teoria da expectância, da atribuição causal, da eqüidade, do cálculo motivacional e do contrato psicológico, da motivação intrínseca, da motivação-higiene e da hierarquia das necessidades humanas. Discorre sobre a motivação no ambiente organizacional e sobre o seu entendimento como uma conseqüência de fatores tais como a coerção e o controle, as recompensas e incentivos financeiros, o relacionamento interpessoal e a influência do grupo, o nível de satisfação das necessidades pessoais, as condições do ambiente de trabalho, os aspectos inerentes à natureza própria das atividades, entre outros. Em sua conclusão, o artigo destaca a necessidade e a importância prática do conhecimento, por parte dos gerentes das organizações, quanto à temática da motivação, seja para evitar custos desnecessários e contraproducentes, seja para assegurar a competitividade da empresa e a lucratividade do negócio. Palavras-chave: Motivação, recursos humanos, gestão organizacional.

  14. Hipertexto na coleta caótica da informação nas organizações públicas
    Hipertexto en la recogida caótica de información en las organizaciones públicas.

    OpenAIRE

    Emir Campagnaro; Brígida Nogueira Cervantes

    2011-01-01

    Enfatiza o uso do hipertexto eletrônico e a Teoria do Caos como ferramenta na coleta de informações nas organizações públicas. Resgata a história do hipertexto até chegar ao hipertexto eletrônico. Apresenta definições teóricas acerca da Teoria do Caos e suas implicações para complementar com a definição de Gestão da Informação. Conclui destacando a interrelação entre hipertexto e Teoria do Caos nas organizações públicas. Diferencia as técnicas em um processo de coleta caótica da informação e ...

  15. SATISFAÇÃO PROFISSIONAL E CULTURA ORGANIZACIONAL: UM ESTUDO DE CASO EM UMA INSTITUIÇÃO FEDERAL DE ENSINO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    evadio pereira filho

    2014-08-01

    Full Text Available Aos administradores que vislumbram construir uma organização ideal, com otimização do desempenho, realizar esforços para obter colaboradores satisfeitos deve ser uma das prioridades gerenciais. No entanto, Gibson et al. (2006 alerta que o alcance de um desempenho organizacional melhor perpassa pela compreensão dos valores, crenças e demais elementos que compõem a cultura organizacional. Logo, o presente artigo tem como objetivo investigar, na perspectiva dos servidores técnico-administrativos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN, a relação entre satisfação e cultura organizacional, com base no modelo ASH. Para tanto, foram entrevistados, mediante questionários, 307 sujeitos. Dentre os achados, houve a identificação de quatro dimensões da satisfação profissional, assim como seis fatores que retratam os estilos de cultura. Percebe-se, contudo, uma conformidade entre as dimensões encontradas neste estudo e aquelas presentes nos escritos de Quijano e Navarro (1999 e Barboza (2008. Ademais, nota-se, mesmo que de magnitude fraca ou moderada, a existência de correlação significativa entre cultura organizacional e a satisfação. Constatou-se que as quatro dimensões da satisfação estão relacionadas com pelo menos algum estilo de cultura – exceto convencional-tarefa e normativo, os quais esta associação não foi evidenciada.

  16. Conflito organizacional e gestão de recursos humanos

    OpenAIRE

    Atalho, Pedro Filipe Lourenço do

    2016-01-01

    Códigos do JEL Classification System: JEL: D74 – Conflict; Conflict Resolution; Alliances; JEL: J52 – Dispute Resolution: Strikes, Arbitration, and Mediation; Collective bargaining O conflito é uma realidade quase ubíqua do ambiente organizacional e, devido a um conjunto de mudanças sociais e estruturais, é cada vez mais frequente e mais diverso. Assim, é cada vez mais essencial gerir o conflito de forma estratégica, de forma a não só evitar as suas consequências negativas, ...

  17. Medición del potencial humano en las organizaciones

    OpenAIRE

    Fuchs Ángeles, Rosa María

    2015-01-01

    Las empresas alrededor del mundo se encuentran preocupadas por la gestión del talento en sus organizaciones.Parte de la preocupación consiste en retener a los colaboradores talentosos y esto no puede ser posible, siestos no se identifican adecuadamente. Las evaluaciones de desempeño y potencial cobran, entonces,importancia. Las evaluaciones de desempeño califican el récord histórico del colaborador, por lo que sumedición se facilita. Sin embargo, la medición del potencial evalúa su posible de...

  18. RIESGOS LABORALES PSICOSOCIALES. PERSPECTIVA ORGANIZACIONAL, JURÍDICA Y SOCIAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Camacho Ramírez

    2017-01-01

    Full Text Available Dadas las consecuencias negativas en la productividad, clima organizacional, salud y relaciones interpersonales entre los trabajadores, las empresas están cada vez más interesadas en identificar las causas, prevenirlas y controlarlas. Se pretende establecer las consecuencias de los conflictos laborales, como riesgos psicosociales, en los trabajadores, así como en las empresas y terceros, para lo cual se realiza una aproximación a las definiciones y clasificaciones básicas, mayormente influenciadas desde la psicología; para después analizar el impacto en grupos que históricamente se encuentran discriminados laboralmente, finalizando con algunas recomendaciones.

  19. Organizaciones para el siglo XXI: grupos de trabajo autogestionados.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis Avendaño Fernández

    2013-11-01

    Full Text Available En la actualidad, muchas empresas exitosas están dejando atrás los esquemas rígidos y autoritarios de organización y orientan sus esfuerzos hacia la formación de equipos autogestionados que integran el logro de los objetivos de eficiencia, rentabilidad y crecimiento que requiere la empresa, con el logro de los objetivos individuales y grupales de desarrollo humano. En Colombia las OTAS (Organizaciones de Trabajo Asociado poseen características de grupos autodirigidos que la empresa debe conocer y adoptar con el fin de conservar su participación en el mercado.

  20. Liderazgo y autoeficacia en el comportamiento organizacional positivo

    OpenAIRE

    Sanchez Hernandez, Maria Paula; Pinto Erazo, Laura María; Contreras Ruiz, Ivan Camilo

    2016-01-01

    El objetivo que tiene este proyecto es revisar los conceptos básicos acerca de las relaciones que crean los líderes con sus colaboradores dentro de las organizaciones, dichas relaciones y vínculos pueden afectar positiva o negativamente el desempeño de sus actividades diarias dentro de una organización. Para darle inicio a la investigación se estudió como primer paso el concepto de liderazgo transformacional, capital psicológico y que componentes hacían parte de este factor. El desarrollo ...

  1. Compromiso organizacional en una muestra de trabajadores mexicanos

    OpenAIRE

    NORMA BETANZOS DÍAZ; PATRICIA ANDRADE PALOS; FRANCISCO PAZ RODRÍGUEZ

    2006-01-01

    El compromiso organizacional es un constructo que presenta gran interés para los psicólogos y aquellos involucrados con el recurso humano. Las investigaciones se han dirigido a determinar aquellos aspectos que lo forman y mantienen, sin embargo hay revisiones teóricas que evidencían que aún hay diferencias en la conceptualización y por tanto en su medición. La presente investigación adoptó una posición integradora ante las diferentes perspectivas de estudio para determinar si la aplicación de...

  2. O CONHECIMENTO E A APRENDIZAGEM ORGANIZACIONAL NO CONTEXTO DE UMA ORGANIZAÇÃO RURAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ivânia Freire Silva

    2013-06-01

    Full Text Available O objetivo deste artigo consiste em verificar, no contexto de uma cooperativa de leite, como ocorrem os modos de conversão do conhecimento, por meio da aplicação do modelo de Nonaka e Takeuchi (1997. Trata-se de uma pesquisa de caráter qualitativo do tipo exploratória, descritiva e explicativa, complementada por dados quantitativos. Os dados foram coletados na Cooperativa Agroindustrial do Vale do Ivinhema Ltda, situada no Município de Nova Andradina - MS. Além de pesquisa documental, foram feitas entrevistas semiestruturadas junto a alguns cooperados e dirigentes para, em seguida, ser realizada a análise de conteúdo. Os resultados mostraram que a atividade denominada: Dia de Campo, realizada pela cooperativa, promove a interação do grupo de produtores, o que resulta no compartilhamento das experiências e na troca de informações, propiciando o surgimento de conhecimento pelo aprendizado na prática. Estes fatores estão presentes nas fases de socialização e internalização do conhecimento. Nas fases de externalização e combinação do conhecimento, os cooperados somente fazem o uso do conhecimento técnico, sem uma visão compartilhada. O site da cooperativa não é utilizado para o compartilhamento do conhecimento. Entende-se que para ocorrer a criação do conhecimento, no segmento da cooperativa, há a necessidade de avanços significativos, tais como uma mudança de cultura organizacional voltada ao conhecimento e não somente à obtenção de informações que regularizam os processos produtivos para atender as normativas do setor.

  3. The influences of the organizational institutionalization in the industrial ecology operationalization: possible facilities and barriers As influências da Institucionalização Organizacional na operacionalização da Ecologia Industrial: possíveis facilidades e obstáculos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Trevisan

    2013-03-01

    Full Text Available Industrial Ecology (IE is pointed as an alternative to the sustainable development because it accosts the permeability between human activities and biosphere. However, it presents poor emerging perspectives of insights to the social sciences. In turn, the New Institutionalism considers the influence of the social and cultural factors in the functioning of the organizations. It proposes that the environment exerts influences in relation to the organization and the human being is semi conscious before the institutional forces according as their decisions are conditioned by the socio and environmental structures. Thus, there is an institution when an organization is legitimized by the society in accordance to their cultural rules. This theoretical essay aims to analyze the aspects found in the institutionalization of the organizations that can facilitate or hinder the operational process of the IE. As elements presented in the institutionalization of the organization that can facilitate process of IE included: cultural norms socially accepted and parameters for how to act; an institution seen as an effective and necessary and institutions stabilize expectations. Among the factors of the difficulties are: action by habit, distance from the essence of the cause of change; difficulty in adopting innovations and attitude of self-defense.DOI: 10.5902/198346597724A Ecologia Industrial (EI é apontada como uma alternativa para o desenvolvimento sustentável pois aborda a permeabilidade entre as atividades humanas e a biosfera. No entanto, apresenta perspectivas emergentes carentes de aprofundamentos com as ciências sociais. Por sua vez, o Novo Institucionalismo considera a influência dos fatores sociais e culturais no funcionamento das organizações. Propõe que o ambiente exerce influência em relação à organização, e que o ser humano é semiconsciente perante as forças institucionais, na medida em que suas decisões são condicionadas por

  4. Empresa doente, funcionário estressado: analisando a saúde organizacional como influenciadora do stress no trabalho DOI:10.5007/2175-8077.2010v12n26p189

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Monize Sâmara Visentini

    2010-01-01

    Full Text Available Este trabalho investigou a influência da percepção de saúde organizacional sobre o stress no trabalho dos funcionários de restaurantes da cidade de Santa Maria – RS. Para tanto, utilizou-se uma survey com os funcionários de sete restaurantes, três públicos e quatro privados. Realizou-se uma análise fatorial que apresentou cinco fatores para stress no trabalho e quatro fatores de saúde organizacional. Através de uma análise de correlação, confirmou-se a multidimensionalidade desses construtos. Dados esses resultados, para verificar a influência da percepção de saúde organizacional sobre o stress ocupacional, realizou-se uma análise de regressão e foram encontrados cinco modelos válidos que atendem aos pressupostos necessários. Entretanto, esses modelos tiveram baixo poder de explicação, indicando que os fatores de stress ocupacional não são suficientes para explicar a saúde organizacional, devendo ser investigados outros aspectos relativos ao ambiente laboral que interferem na percepção de stress no trabalho.

  5. Comprometimento organizacional e satisfação no trabalho: uma análise da gestão de recursos humanos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Roberto S. Freire

    2012-11-01

    Full Text Available O presente estudo busca refletir sobre o comportamento humano no trabalho, considerando a percepção do empregado quanto ao comprometimento organizacional e à satisfação no trabalho. Os resultados identificaram as variáveis que interferem no contexto do trabalho em um grupo de pesquisadores técnico-científicos e reafirmam a importância de se conhecer e compreender o comportamento humano no trabalho como uma estratégia na gestão de recursos humanos.

  6. Contrato psicológico e desempenho organizacional: o caso dos Serviços Centrais do Instituto Politécnico de Viana do Castelo

    OpenAIRE

    Lima, Ana Patrícia Quintas

    2014-01-01

    Mestrado em Gestão das Organizações: Ramo de Gestão de Empresas (parceria com a APNOR) na Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Instituto Politécnico de Viana do Castelo O objetivo principal deste estudo consiste em caracterizar o contrato psicológico dos colaboradores dos Serviços Centrais do Instituto Politécnico de Viana do Castelo, quanto às dimensões “rutura” e “violação” do respetivo contrato e explorar a sua eventual relação com desempenho organizacional, num momento de...

  7. FILOSOFIA ORGANIZACIONAL EN LA GESTION DE LA SALUD EN MISIONES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gloria Beatriz, Orzuza

    2011-01-01

    Full Text Available El transcurrir del tiempo nos acerca a nuevos conocimientos, la ciencia avanza en todos sus aspectos, que se traducen a todos los campos, de la organización, de la administración. La atención de la salud está pasando por acentuadas modificaciones, el modelo asistencialista, que atiende en función de las demandas, está adecuándose paulatinamente a las acciones recomendadas por el modelo sanitarista que actúa más intensamente junto a las comunidades y al medio ambiente, promoviendo la salud y previniendo enfermedades. El objetivo de este artículo es reflejar el cambio que se produjo en la filosofía organizacional del sistema de salud de Misiones. Con este fin, primero se conocerán las concepciones de las organizaciones newtonianas y cuánticas, enfocadas desde su origen filosófico. Segundo, se hará referencia al marco jurídico de las erogaciones de gestión del gobierno provincial. Tercero, se analizará la situación socioeconómica de la población de Misiones. Cuarto, se hará referencia al nuevo paradigma de salud. Para finalizar resaltando la implementación definitiva de una concepción holística en el sistema de salud.

  8. CLIMA ORGANIZACIONAL VARIÁVEL INFLUENTE NO DESEMPENHO DO EMPREGADO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Carlos Santos

    2017-02-01

    Full Text Available Para que se possa alcançar bons resultados dentro de uma organização, é essencial que o empregado aprecie sua função e que a empresa ofereça um ambiente de trabalho saudável. O clima organizacional afeta diretamente a produtividade dos funcionários, que por sua vez afeta o desempenho da empresa. Alguns pontos como a falta de comunicação e a percepção do reconhecimento da gerencia pelo funcionário ainda são variáveis que devem ser observadas pelas empresas, pois os resultados dos questionários aplicados mostram estes dois pontos como negativos e insatisfatórios do ponto de vista dos profissionais. As organizações precisam adotar um método de analise e quantificação do grau de motivação dos funcionários, a fim de averiguar se o clima organizacional é favorável e satisfatório aos colaboradores, pois a felicidade no trabalho esta ligada diretamente ao comprometimento destes com a empresa.

  9. El mercadeo social como herramienta gerencial en las organizaciones inteligentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lucía Urdaneta

    2014-01-01

    Full Text Available El propósito fundamental de este artículo fue analizar el mercadeo social como herramienta gerencial en las organizaciones inteligentes basándose en los criterios de Senge (2006, Benavides (2001, Siliceo (2001, Pérez (2004 entre otros. Se realizó un estudio descriptivo documental, orientado a estudiar la importancia de transformar las prácticas gerenciales actuales inmersas en un entorno competitivo lo cual ha conllevado a asumir innovadoras herramientas mercadológicas para aumentar su participación, posicionamiento, entre otros en el mercado y lograr el cumplimiento de todas las actividades necesarias en el logro de los objetivos de toda organización inteligente en apoyo a la consolidación del proyecto de vida empresarial.Palabras Clave: Mercadeo Social; Gerencia; Organizaciones Inteligentes. The social marketing like managerial tool in the inteligents organizationsAbstractThe fundamental purpose of this article is to analyze Social Marketing as a managerial tool in intelligent organizations, based on criteria developed by Senge (2006, Benavides (2001, Siliceo (2001, Perez (2004, among others. A descriptive study of documentary evidence was carried out to study the importance of transforming the current managerial practices in a competitive environment. This has brought about the creation of innovative marketing tools in order to increase market share and positioning, and therefore perform all the necessary activities that an intelligent organization requires to consolidate its entrepreneurial project.Keywords: Social Marketing; Management; Intelligent Organizations.

  10. Modelo para condução de mapeamento de processo organizacional : uma abordagem BPM com base no MAIA

    OpenAIRE

    Ferreira, Elisabeth de Araújo

    2014-01-01

    Realizado no âmbito do Grupo de Pesquisa em Arquitetura da Informação, este trabalho investiga como os aspectos teóricos e práticos dos temas Business Process Management (BPM) e Processo Organizacional (PO) estão sendo utilizados e como podem ser integrados ao Método de Arquitetura da Informação Aplicada (MAIA), para condução de mapeamento de PO. Com base na revisão bibliográfica, esta dissertação propõe um modelo teórico sobre o ciclo de vida BPM com base no MAIA para mapeamento de PO....

  11. A CONTRIBUIÇÃO DO MODELO DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO PÚBLICA NO PROCESSO DE APRENDIZAGEM ORGANIZACIONAL DA EMPRESA BAIANA DE ÁGUAS E SANEAMENTO S. A.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberta Silva de Carvalho Santana

    2012-06-01

    Full Text Available Diante de um cenário de alta taxa transformação, as organizações públicas começam a dar passos importantes no seu processo de aprendizagem, renovação e modernização gerencial. No Brasil, um desses passos tem sido o Programa Nacional de Gestão Pública (Gespública. Este artigo possui como objetivo compreender como o modelo de excelência do Gespública tem contribuído para a aprendizagem organizacional da Empresa Baiana de Águas e Saneamento S.A. Para responder ao problema de pesquisa, inicialmente, refletimos sobre as bases conceituais essenciais à nossa investigação: aprendizagem organizacional e o atual modelo gerencialista. A abordagem metodológica escolhida foi um estudo de caso simples na EMBASA. Com base na análise das entrevistas semi-estruturadas e a observação, verificou-se que o Gespública contribuiu imprimindo novas práticas de aprendizagem organizacional na EMBASA. Tais resultados de pesquisa se propõem a abrir o debate para um conjunto de outras investigações nos campos da aprendizagem e da gestão pública.

  12. Racionalidades do consumo: uma perspectiva teórica para produção de sentido através da música

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dulce Mazer

    2015-08-01

    Full Text Available O artigo apresenta uma discussão teórica sobre os estudos de consumo, especialmente o musical, entendido como conjunto de processos socioculturais pelo qual se realizam usos e apropriações de bens, produtos e experiências musicais, um modo para conhecimento do mundo. Canclini (1991; 1995, o consumo serve para "pensar". A articulação entre seis racionalidades - cultural, dos desejos, dos aspectos simbólicos e estéticos, de interação sociopolítica, de integração social (CANCLINI, 1991 – seria um modo de refletir sobre as condições de consumo e cidadania. Nos anos 1990, o autor propunha pensar sobre o consumo como a construção de um subcampo de estudos. O texto aborda teorias da Antropologia do consumo para entender a produção de sentido.

  13. Fontes de informações do consumidor organizacional: as compras de medicamentos por hospitais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Fernando Burlamaqui

    2008-07-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.5007/2175-8069.2008v10n20p163 A fonte das buscas de informação realizadas pelo consumidor organizacional pode influir decisivamente no momento da escolha do fornecedor. A compreensão de como são processadas as buscas de informações realizadas nas compras se apresenta como questão estratégica por parte de profissionais de marketing no reconhecimento das necessidades dos consumidores organizacionais. O presente estudo analisa como é efetuada a busca das fontes de informações na compra de medicamentos observando o comportamento deste consumidor, através de uma survey aplicada aos compradores dos hospitais gaúchos. O estudo desenvolvido identificou a forte utilização das fontes de informações (fontes comerciais, fontes de mídia, fontes pessoais e fontes experimentais; onde observou-se que a principal influência são as fontes comerciais. A conclusão do estudo indica também que, por sua vez, o comprador pode compreender como a sua organização (hospital se comporta diante destas variáveis.

  14. APRENDIZAGEM INDIVIDUAL, SUPORTE ORGANIZACIONAL E DESEMPENHO PERCEBIDO: UM ESTUDO COM DOCENTES UNIVERSITÁRIOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pérola Cavalcante Dourado

    2018-03-01

    Full Text Available Resumo: O estudo analisou as relações entre a percepção de aprendizagem de competências e de desempenho de docentes de nível superior. Além disso, testou o papel moderador do suporte organizacional na relação entre a aprendizagem individual e desempenho docente. Participaram do estudo 275 docentes de uma universidade pública federal, que responderam ao inventário de percepção de aprendizagem de competências, suporte à transferência e desempenho docente (ASOD. Foram realizadas análises confirmatórias e testados os modelos de predição e moderação. Uma das conclusões do estudo foi que a aprendizagem docente nas atividades de ensino, pesquisa, extensão e gestão predizem a percepção de desempenho em cada uma das atividades respectivamente. Não foram encontradas evidências de que o suporte modera as relações entre as aprendizagens e a percepção de desempenho docente.

  15. GESTÃO DO CONHECIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES OU DO DESCONHECIMENTO DA REALIDADE ORGANIZACIONAL?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fladimir F. dos Santos

    2005-12-01

    Full Text Available Este artigo discute a validade dos propósitos da gestão do conhecimento como ferramenta de intervenção organizacional, descrevendo alguns paradoxos existentes entre a sua teoria e prática nas organizações. Argumenta-se que seus propósitos originais de criação, difusão e incorporação de um novo conhecimento na organização estão dando lugar a uma abordagem que não condiz com a realidade das organizações. Faz-se também uma leitura da evolução das teorias administrativas para elucidar como esse novo paradigma da administração está sendo abordado nas empresas. Propõe-se que se trata de uma reificação da máxima taylorista, cujos propósitos originais estão se convertendo em mais um instrumento de manipulação humana nas empresas. Ao final, em substituição ao modelo gerencial vigente, é proposto um processo de gestão baseado em valores.

  16. Resistência à Mudança Organizacional e stress no trabalho

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antônio Luiz Marques

    2016-03-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho é entender como a mudança organizacional, especificamente a implantação da Avaliação de Desempenho Individual (ADI pelo governo de Minas Gerais, afeta o nível de stress dos servidores. Portanto, neste estudo descritivo e explicativo, um survey foi desenvolvido e questionários padronizados foram aplicados em 679 respondentes, sendo 247 da Secretaria de Estado da Saúde (SES, 248 na Secretaria de Estado da Educação (SEE e 184 da Secretaria de Estado do Planejamento e Gestão (SEPLAG. A análise dos dados indica que a resistência à mudança influencia o stress no trabalho. Ou seja, indivíduos que apresentam níveis mais elevados de aceitação à mudança tendem ter um nível mais baixo de stress global representado pelo desgaste físico e mental. Assim como altos níveis de resistência individual à mudança geram maiores níveis de stress. Os resultados oferecem implicações relevantes para a teoria e para a prática da Gestão de Recursos Humanos.

  17. Os tipos psicológicos na psicologia analítica de Carl Gustav Jung e o inventário de personalidade “Myers-Briggs Type Indicator (MBTI”: contribuições para a psicologia educacional, organizacional e clínica/The psychological types in analytical psychology of Carl Gustav Jung and the inventory of personality “Myers-Briggs Type Indicator (MBTI”: contributions for the educational, organizational and clinical psychology

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luís Marcelo Alves Ramos

    2005-01-01

    Full Text Available O texto apresenta os princípios da Teoria dos Tipos Psicológicos, a mais conhecida face da Psicologia Analítica do psicólogo e psiquiatra suíço Carl Gustav Jung (1875-1961, bem como os fundamentos do Inventário de Personalidade “Myers-Briggs Type Indicator (MBTI”, constituído a partir da tipologia junguiana, e que vem sendo cada vez mais utilizado nos campos da Psicologia Educacional, Organizacional e Clínica. The text presents the principles of the Theory of Psychological Types, the most known face of the Analytical Psychology of the Swiss psychologist and psychiatrist Carl Gustav Jung (1875-1961, as well as the fundamentals of the Inventory of Personality “Myers-Briggs Type Indicator (MBTI”, constituted from the Jungian typology, and which has been more used nowadays by Educational, Organizational and Clinical Psychology.

  18. Espiritualidade, religião e trabalho no contexto organizacional Espiritualid, religión y trabajo en el contexto organizacional Spirituality, religion and work in the organizational context

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rogério Rodrigues da Silva

    2009-09-01

    Full Text Available O artigo tem como objetivo discutir a vivência da religião, da religiosidade e, sobretudo, da espiritualidade, no contexto organizacional. Ancorado em uma análise do papel dessas variáveis em contextos de organizações religiosas e não religiosas, o texto reflete sobre até que ponto a espiritualidade no contexto do trabalho pode contribuir, sobretudo, para um maior sentido e prazer na atividade, e sobre os motivos que explicam a tendência de negar os vínculos da espiritualidade com a religiosidade e com a religião naquele contexto. Além disso, o artigo sugere algumas leituras críticas à proposta de utilização dessas variáveis no contexto organizacional, tal como o movimento de recuperação de valores clássicos das religiões, agora rebatizados para o coletivo de trabalho, atualizando velhas estratégias de obtenção de lucros por parte das empresas.El artículo tiene por objetivo discutir la convivencia entre religión, religiosidad y, sobretodo, la espiritualidad en el contexto organizacional. Anclado en un análisis del papel de estas variables en contextos de organizaciones religiosas y no-religiosas. El texto refleja en que medida la espiritualidad, en el contexto del trabajo, puede contribuir, sobre todo, para un mayor sentido y placer en la actividad, así como los motivos que explican la tendencia en negarse los vínculos de la espiritualidad, con la religiosidad y con la religión el aquél contexto. Además de eso, el artículo sugiere algunas lecturas críticas sobre la propuesta de utilización de esas variables en el contexto organizacional, como el movimiento de recuperación de valores clásicos de las religiones, ahora rebautizados, para el trabajo colectivo, actualizando viejas estrategias de obtención de lucros por parte de las empresas.This article intends to discuss religion, religiosity, and, especially, spirituality experiences in the organizational context. Based on an analysis of these variables' role

  19. MEDIAÇÃO: GESTÃO ESTRATÉGICA DA COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cíntia Carvalho

    2006-01-01

    Full Text Available O presente estudo teve como principais objetivos identificar a perspectiva sistêmica de mediação no gerenciamento de conflitos e crises organizacionais e apresentar uma orientação paradigmática alternativa aos líderes organizacionais na condução destes processos. Além disso, teve o intuito de propor pontos de reflexão sobre a prática da mediação, para que seja possível a superação do clássico esquema adversarial – ainda adotado pela maioria dos dirigentes - e a visualização de um sistema mais cooperativo, que contemple a complexidade da realidade social e organizacional. Evidencia-se uma função que transcende a administrativa e abrange uma dimensão onde exige-se profissionais capacitados e orientados para exercerem o papel de mediadores organizacionais, o que implica numa consciência voltada à concepção sistêmica de mediação no gerenciamento de disputas organizacionais, onde o mediador atua como facilitador dos processos de identificação, discussão e resolução das questões divergentes, promovendo o diálogo e a participação na sua plenitude e transformando condições destrutivas em construtivas. Palavras-chave: Mediação. Crise. Negociação. Organização. Públicos

  20. Fusión vs. cultura organizacional. Lo real y lo virtual

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    William Castillo

    2004-01-01

    Full Text Available Las organizaciones en las ultimas decadas han presenciado el cambio de concepcion sobre lo que se desean alcanzar dentro del mundo de los negocios, donde se promueven movimientos radicales, estos traen consigo oportunidades y riesgo por enfrentar. Una de las premisas basicas sobre este topico es el desenvolvimiento de las organizaciones en un mercado globalizado, enfrentadas en conflictos internos y externos, generando ademas una variacion en la estrcutura organizacional, cultura empresarial y en la toma de decisiones sobre las estrategias para adaptarse al cambio.

  1. EMPREENDEDORISMO CORPORATIVO - ASPECTOS DE INOVAÇÃO E MUDANÇA ORGANIZACIONAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Gehlen

    2016-11-01

    Full Text Available Este artigo analisa o conceito de empreendedorismo corporativo – conhecido também como empreendedorismo interno ou intra-empreendedorismo, seus aspectos relacionados aos fatores de criatividade, inovação e mudança organizacional como fatores de competitividade das organizações, bem como o perfil do empreendedor corporativo e o ambiente organizacional necessário para que o empreendedorismo interno aconteça. Palavras-chave: empreendedorismo corporativo, empreendedorismo interno, intra-empreendedorismo, inovação, mudança organizacional.

  2. LAS ORGANIZACIONES DESDE LA TEORÍA DE LOS SISTEMAS SOCIOPOIÉTICOS

    OpenAIRE

    Arnold-Cathalifaud,Marcelo

    2008-01-01

    Este artículo presenta una aplicación para describir la organización de las organizaciones basada en un enfoque constructivista, tal como lo desarrolla la Escuela sistémica de Bielefeld, y que da forma a un programa para observar las organizaciones como sistemas sociopoiéticos. La exposición se divide en cuatro secciones: en la primera se despliegan antecedentes que dan sentido a nuestra reflexión sobre las organizaciones, la segunda contiene las bases epistemológicas de nuestras observacione...

  3. Liderazgo Transformacional y Clima Organizacional en la RED Educativa Nº 14, Puente Piedra, 2014

    OpenAIRE

    Romero Flores, Sumner Jesús

    2015-01-01

    La tesis “Liderazgo Transformacional y Clima Organizacional en la Red Educativa Nº 14, Puente Piedra 2014” tuvo como problema general ¿Cuál la relación entre el liderazgo transformacional y el clima organizacional en la Red Educativa Nº 14, Puente Piedra 2014?, y como objetivo general: Determinar la relación que existe entre el liderazgo transformacional y el clima organizacional en la Red Educativa Nº 14, Puente Piedra 2014. La investigación realizada fue de tipo básico, de...

  4. Caracterización de la competencia entre dos organizaciones del sector de seguros en Colombia

    OpenAIRE

    Márquez Lozano, Fredy José; Del Hierro Rueda, Andrea Paola

    2015-01-01

    En la permanente búsqueda de mejores condiciones que las organizaciones realizan con el propósito de dar respuesta a los cambios del entorno y la complejidad de la interacción con las organizaciones del mismo sector, se encuentra necesario identificar las características que les permiten a estas, sobrevivir, mantenerse en el mercado o crecer en él. En este orden de ideas, en este documento se desarrolla la caracterización de la forma como dos organizaciones importantes y líderes del sector as...

  5. AMBIVALENCIA ACTITUDINAL ANTE EL CAMBIO ORGANIZACIONAL: UN ANALISIS DESDE EL INDIVIDUO EN CONTEXTO LABORAL

    OpenAIRE

    RODRIGUEZ DIAZ, VIVIANA ALEJANDRA

    2012-01-01

    La interrogante relativa a cómo las personas reaccionan en situaciones de cambio organizacional. puede abordarse desde el estudio de la ambivalencia actitudinal. Investigaciones previas han intentado dar respuesta a esta pregunta. mediante la investigación de la resistencia al cambio organizacional. Sin embargo, estudios en el {ambito de la Psicología Social y sólo recientes en el área de Psicología Organizacional, brindan evidencia sobre la necesidad de indagar respecto de la manipulación...

  6. GESTIÓN DE LA COMPLEJIDAD ORGANIZACIONAL EN LAS EMPRESAS FAMILIARES VENEZOLANAS

    OpenAIRE

    Migdlys del Carmen González Marín

    2016-01-01

    Esta investigación presenta como objetivo analizar la Gestión de la Complejidad Organizacional en las Empresas Familiares Venezolanas, con este propósito se realizó un estudio de tipo documental con un nivel descriptivo, para ello se llevó a cabo una revisión bibliográfica que permitió analizar la gestión de la complejidad organizacional, aspecto relevante en las empresas familiares, a fin de mejorar el desarrollo y productividad organizacional. En este sentido, se destaca la revisión de teor...

  7. Capacidad administrativa como factor de eficiencia interna y global de las organizaciones

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos E. Martínez Fajardo

    1997-06-01

    Full Text Available El concepto de eficiencia ha sido precisado y simplificado por los autores de la teoría clásica de la administración en el sentido de maximizar la producción de las organizaciones con los mínimos costos. En el presente artículo se analizará la eficiencia interna y global de las organizaciones de acuerdo con nuevos criterios adicionales que permitan estudiar el problema con un enfoque de mayor complejidad la naturaleza, fines y estructura de las organizaciones, entre ellos la incidencia del factor de este siglo denominado capacidad administrativa.

  8. Análise do comportamento decisório de analistas contábil-financeiros: um estudo com base na teoria da racionalidade limitada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Alvaro da Silva Macedo

    2009-01-01

    Full Text Available There is market disclosure of expenses incurred in activities not related to ecological sustainability, as environmental costs. To avoid this, you must understand the environmental costs fact. The objective of this study is to investigate, analyze and identify the type of event related to the environmental costs fact. This study examines certain concepts, limits the action fi eld of environmental management accounting, proposes a concept called The System Company Eco-effi cient and analyzes and compares with some practical cases.

  9. A racionalidade ambiental na construção de tecnologias alternativas para a agricultura familiar: o caso do Serviço de Tecnologia Alternativa – SERTA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marlene Maria da Silva

    2012-06-01

    Full Text Available Instrumental rationality built the concept of technology appropriated by the capitalist system. This has become a strategic factor for economic development and instrument of externalities control by artificial state of natural processes, creating serious social and ecological problems. However, through economic inaccessibility and due to severe environmental costs, it was necessary to build palliative mechanisms that promote the transition from the traditional technique to modern technology. In this context, the concept of alternative technologies arises and, differentiated by the emphasis on low cost and efficient use of locally abundant resources, is defined by social accessibility and ecological efficiency. This model, inspired by the environmental rationality with emphasis on supplying the needs of rural communities, has been the foundation of the actions of institutions that produce and diffuse these technologies focused on the development of family farming in Brazil. This paper presents the vision of family farmers about the difficulties encountered in the production process and the results obtained through the agency of one of these institutions, the Service of Alternative Technologies (SERTA, specifically, from the analysis of their activities in semi-arid region of Pernambuco (Brazil, in the unit located in Ibimirim-PE.

  10. Relação dos atributos da contabilidade gerencial com os estágios do ciclo de vida organizacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ilse Maria Beuren

    2015-07-01

    Full Text Available O estudo objetiva verificar se há relação entre o uso dos atributos da contabilidade gerencial e os estágios do ciclo de vida organizacional. Os atributos da contabilidade gerencial foram baseados no estudo de Moores e Yuen (2001 e os estágios do ciclo de vida organizacional na proposição de Lester, Parnell e Carraher (2003. A população da pesquisa compreendeu as 264 empresas do segmento industrial de máquinas, aparelhos e materiais elétricos listadas na Secretaria da Fazenda do Estado de Santa Catarina, Brasil, e a amostra constituiu-se dos 40 gestores que responderam o questionário. O uso dos atributos da contabilidade gerencial nos respectivos estágios do ciclo de vida organizacional foi evidenciado pela análise descritiva das respostas e o agrupamento das variáveis por meio das respectivas correlações pela aplicação da Análise das Componentes Principais. Os resultados mostram que os atributos da contabilidade gerencial, nos aspectos de seleção e de apresentação das informações, são mais utilizados nas empresas que se encontram nos estágios de crescimento e rejuvenescimento do que nas classificadas nos estágios de nascimento e declínio. Conclui-se que há relação entre o uso dos atributos da contabilidade gerencial e a evolução nos estágios do ciclo de vida das empresas pesquisadas, o que coaduna com os resultados de pesquisas que também adotaram as proposições dos autores que consubstanciaram este estudo.

  11. Transformaciones y conflictos en el agro chaqueño durante los '90. Articulaciones territoriales de una nueva racionalidad productiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristina Valenzuela

    2005-01-01

    agentes del sector (una mayoría de pequeños productores tradicionales apoyados por organizaciones no gubernamentales, una minoría de medianos y grandes productores empresarios y el gobierno provincial.

  12. Cambio organizacional y percepción de la justicia organizacional en una entidad de la ciudad de Bogotá-Colombia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mónica García Rubiano

    2014-01-01

    Full Text Available El propósito de esta investigación fue determinar la relación entre la percepción de la justicia organizacional y cambio organizacional en una empresa de la ciudad de Bogotá. La muestra fue de 80 colaboradores, se aplicaron los instrumentos de Justicia de Colquitt (2001 y cambio organizacional (Gracia y Forero, 2010. Se realizó un análisis de los datos mediante el programa estadístico SPSS. Los resultados indicaron relaciones y asociaciones significativas entre el cambio organizacional y la justicia procedimental, informativa e interaccional y ninguna correlación con la justicia distributiva. La variable proyección y desarrollo del cambio mostró la mayor correlación con el nivel de justicia total en la organización, evidenciando el enfoque que se debe tener para la toma de decisiones por parte de la alta dirección y para el diseño de políticas de gestión del talento humano en función del cambio de la cultura organizacional a la que se quiere llegar.

  13. El estrés en las organizaciones

    OpenAIRE

    Yendi Sarahi Rivera Moya; Jessica Elizabeth Briseño Escobedo

    2013-01-01

    Este trabajo de investigación analiza el estrés en las organización de de una forma general. Resalta la importancia de prevenir el estrés en el factor más importante que tiene una empresa que es el recurso humano. Además de dar a conocer las causas que dan pie a que surja el estrés laboral. Y los síntomas del estrés laboral y sugerencias de cómo sobrellevarlo de la manera más eficiente. Así mismo estudia la importancia de los costes en las organizaciones. Además analistas dan los diez profes...

  14. El estrés en las organizaciones

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Yendi Sarahi Rivera Moya

    2013-04-01

    Full Text Available Este trabajo de investigación analiza el estrés en las organización de de una forma general. Resalta la importancia de prevenir el estrés en el factor más importante que tiene una empresa que es el recurso humano. Además de dar a conocer las causas que dan pie a que surja el estrés laboral. Y los síntomas del estrés laboral y sugerencias de cómo sobrellevarlo de la manera más eficiente. Así mismo estudia la importancia de los costes en las organizaciones. Además analistas dan los diez profesiones mas estresantes y el por que están clasificados de esa manera.

  15. Justicia organizacional, desempeño laboral y discapacidad

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maribel Peña-Ochoa

    2016-01-01

    Full Text Available Este artículo expone los resultados de una revisión documental de los conceptos de justicia organizacional, desempeño laboral en relación al colectivo de personas en situación de discapacidad. La pesquisa se efectuó en bases de datos bibliográficas de acceso abierto y restringido a textos completos y referenciales en línea, textos impresos en bibliotecas de instituciones de educación superior. Los hallazgos fundamentan la evidencia del nivel de incidencia que tienen las acciones de las empresas en las percepciones de justicia organizacional de sus empleados y la relación que existe entre estas y el desempeño laboral. Sin embargo, esta correlación ha sido establecida en trabajadores sin limitaciones o restricciones en sus funcionamientos, pero no en empleados con alguna situación de discapacidad y menos aún en el contexto colombiano. Abstract This article presents the results of a literary review on the concepts of organizational justice and work performance in connection to the people with disabilities. The search was performed on open access bibliographical databases, restricted to full texts and reference texts online and printed versions in higher education institutional libraries. The findings give ground to the evidence of the incidence of the actions of the companies on the organizational justice perspective of employees and the relationship between them and the work performance. However, this correlation has been established on workers without limitations or restrictions on their performance, but not on employees with a given disability, much less in Colombian context.

  16. Cultura organizacional em organizações públicas no Brasil Organizational culture in Brazilian public organizations

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Calixto de Souza Pires

    2006-02-01

    Full Text Available Este artigo apresenta e discute conceitos e abordagens que contribuem para a compreensão de aspectos e traços relacionados à cultura organizacional de organizações públicas no Brasil. Inicialmente, são tratados os conceitos e diferentes abordagens de cultura e cultura organizacional, especificamente de Fleury, Frost, Schein e Hofstede. A seguir, o artigo aborda a cultura de organizações públicas, apresentando um pequeno histórico das organizações públicas no Brasil, bem como seus conceitos e características, entre as quais se destacam a burocracia, o autoritarismo centralizado, o paternalismo, a descontinuidade e a ingerência política. Essas características interferem no modo como os trabalhadores atuam nessas organizações, observando-se o apego às regras e rotinas, a supervalorização da hierarquia, o paternalismo nas relações e o apego ao poder. Isso é importante na definição dos processos internos, na relação com inovações e mudança, na formação dos valores e crenças organizacionais e nas políticas de recursos humanos. Na conclusão, o artigo salienta os aspectos fundamentais a serem considerados ao se lidar com a cultura de organizações públicas no Brasil.This article presents and discusses concepts and views that help understand features and peculiarities of the organizational culture in public organizations in Brazil. It begins by discussing the concepts and different approaches to culture and organizational culture, specifically by Fleury, Frost, Schein, and Hofstede. It then deals with the culture of public organizations, presenting a brief history of these organizations in Brazil, as well as their concepts and features, among which bureaucracy, centralized authoritarianism, patronizing, lack of continuity, and political interference stand out. Such characteristics interfere with the way people work in these organizations, where attachment to rules and routines, hierarchy overrating, patronizing

  17. QUALIDADE EM SERVIÇOS HOTELEIROS: UM ESTUDO DO CLIMA ORGANIZACIONAL POR MEIO DA ANÁLISE DE CORRESPONDÊNCIA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabiana Letícia Pereira Alves Stecca

    2014-08-01

    Full Text Available 10.12957/cadest.2010.15734Este trabalho tem como objetivo identificar, a partir de um estudo de caso, o Clima Organizacional em empresas hoteleiras de uma mesma rede, situadas na região central do Estado do Rio Grande do Sul. Utilizou-se um questionário como instrumento de coleta de dados e as variáveis definidas no estudo foram: conformidade, comunicação, padrões, condições de trabalho e saúde, o trabalho e o espaço total da vida, calor humano e apoio, aprendizagem, reconhecimento e recompensa, oportunidade de crescimento, liderança e responsabilidade. Por meio da análise multivariada, foi possível cruzar algumas variáveis, identificando um Clima Organizacional favorável, e, a partir desses resultados, desenvolveu-se uma proposta de otimização dos pontos considerados satisfatórios, bem como a melhoria dos pontos insatisfatórios na percepção dos colaboradores. O estudo é importante, porque colabora para a qualidade dos serviços prestados, contribuindo para o desenvolvimento dos profissionais no setor hoteleiro.

  18. Análisis de los factores determinantes de la cultura organizacional en el ambiente empresarial

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Morelos-Gómez

    2014-01-01

    Full Text Available El presente artículo muestra el análisis de los factores determinantes de la cultura organizacional en el ambiente empresarial y la incidencia de estos condicionantes del entorno en los cambios internos y el comportamiento de colaboradores y directivos. Para la revisión documental se analizaron los conceptos de cultura organizacional y los factores determinantes de un total de 55 artículos relacionados con la pertinencia del referente teórico, resultados y experiencias registrados en investigaciones que aportaron nuevo conocimiento científico de interés para los grupos de organizaciones. Los resultados permiten identificar la importancia de los determinantes estrategia, estructura, trabajo en grupo, estilo de liderazgo de los managers, características organizacionales, fundadores y propietarios y ambiente organizacional, para la consecución de los objetivos y la generación de valor en las empresas.

  19. Revisión de instrumentos de evaluación de clima organizacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diego Raúl Cardona Echeverri

    2014-01-01

    Full Text Available Este artículo presenta una caracterización de diferentes instrumentos de evaluación del clima organizacional. Para este fin se realizó un estudio de revisión sistemática de la literatura de publicaciones en los últimos 15 años en donde se encontraron 10 artículos que presentaban instrumentos de evaluación de clima organizacional. De estos artículos se realizó un análisis de las propiedades psicométricas y de las dimensiones evaluadas. Se halló que existe un grupo de 8 dimensiones que se repiten en la mayoría de los instrumentos: toma de decisiones, claridad organizacional, liderazgo, interacción social, motivación institucional, sistema de recompensas e incentivos, apertura organizacional y supervisión.

  20. Modelo conceptual e instrumental de sostenibilidad organizacional a partir de la evaluacion del tejido social empresarial

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diana Maria Garzon R.

    2004-12-01

    Full Text Available Las organizaciones actuales enfrentan condiciones cada vez más cambiantes que les exigen capacidad de adaptarse y mantenerse en el tiempo. El presente artículo propone un modelo conceptual e instrumental de sostenibilidad, que se fundamenta en diferentes concepciones y enfoques, con los cuales se ha abordado la realidad del ser humano en las organizaciones, a partir de la introducción del concepto de tejido social empresarial. La investigación de campo se realizó en un grupo de empresas del sector biotecnológico colombiano. Se planteó una nueva perspectiva en la administración del factor humano enfocada en la sostenibilidad organizacional, y centrada en el análisis de la realidad que experimentan las personas en las organizaciones de hoy.

  1. Revisión de instrumentos de evaluación de clima organizacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diego Raúl Cardona Echeverri

    2014-04-01

    Full Text Available Este artículo presenta una caracterización de diferentes instrumentos de evaluación del clima organizacional. Para este fin se realizó un estudio de revisión sistemática de la literatura de publicaciones en los últimos 15 años en donde se encontraron 10 artículos que presentaban instrumentos de evaluación de clima organizacional. De estos artículos se realizó un análisis de las propiedades psicométricas y de las dimensiones evaluadas. Se halló que existe un grupo de 8 dimensiones que se repiten en la mayoría de los instrumentos: toma de decisiones, claridad organizacional, liderazgo, interacción social, motivación institucional, sistema de recompensas e incentivos, apertura organizacional y supervisión.

  2. La construcción de organizaciones de aprendizaje a través del liderazgo.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Domingo José Gallego Gil

    2012-08-01

    Full Text Available Este trabajo pretende llenar un vacío en la literatura sobre el aprendizaje en las organizaciones: los modelos de organizaciones de aprendizaje que se presentan no siempre se asocian con el aprendizaje organizativo. Por ello, se presenta un modelo de organización de aprendizaje en el que se vinculan los constructos aprendizaje organizacional y organización de aprendizaje. El modelo toma base fundamental el desarrollo de ambientes de aprendizaje a través del liderazgo organizativo, y se fundamenta en cuatro propiedades o macroatributos: el liderazgo, la cultura de aprendizaje, el aprendizaje de los individuos en las organizaciones y los facilitadores del aprendizaje organizativo.

  3. Historicidad crítica de la psicología industrial/organizacional: hacia una nueva psicología del trabajo y las organizaciones

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tania García-Ramos

    2013-01-01

    Full Text Available La Psicología Industrial/Organizacional (P I/O enfrenta importantes retos. La creciente polarización e inestabilidad laboral genera profundas transformaciones subjetivas en los trabajadores respecto al valor y sig- nificado que asignan al trabajo y a la vida misma. El panorama anterior presenta la urgencia de estudiar de forma crítica el papel histórico de la P I/O y replantear el quehacer intelectual de este campo. La principal implicación de esta discusión es la creación de una nueva Psicología del Trabajo y de las Organizaciones (PTO que integre innovadoras coor- denadas teóricas y metodológicas para el estudio de los trabajadores en organizaciones y escenarios laborales diversos. Planteamos esta nueva PTO como un campo de estudio transdisciplinario.

  4. Orientación de las organizaciones públicas al aprendizaje organizacional. El caso de los organismos descentralizados en el Estado de Sonora, México

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisca Cecilia Encinas Orozco

    2014-01-01

    Full Text Available El objetivo de este artículo es analizar la orientación al aprendizaje organizacional de la administración pública mexicana a través de un estudio exploratorio realizado con organismos descentralizados, bajo la perspectiva de la nueva gerencia pública. Para ello se utilizó el modelo de organización que aprende, el cual contempla 10 variables. La información se recogió a través de una encuesta autoadministrada a servidores públicos. Los resultados muestran un nivel intermedio hacia el aprendizaje organizacional y algunas condiciones que requieren mejorar para lograr organizaciones que aprenden en el sector público. Además se comprueba la pertinencia de continuar estudios con mayor profundidad sobre el tema.

  5. Liderazgo y resiliencia organizacional en la crisis financiera global del 2008–2009

    OpenAIRE

    Horta Ochoa, María Alejandra; Puentes Perdomo, Natalia

    2012-01-01

    Durante la crisis financiera global de 2008 muchas organizaciones y mercados financieros tuvieron que terminar sus operaciones o replantearlas debido a los choques que golpearon el bienestar de sus empresas. A pesar de esta grave situación, en la actualidad se pueden encontrar empresas que se recuperaron y salieron del terrible panorama que les presentó la crisis, incluso encontrando nuevas oportunidades de negocio y fortaleciendo su futuro. Esta capacidad que algunas organizaciones tuvier...

  6. Creatividad, velocidad y eficiencia para la innovacion y su impacto en la efectividad organizacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Garza, J.B.

    2008-07-01

    Full Text Available A model to generate innovation in the context of the Mexican organizations with positive influence in the organizacional effectiveness is proposed theoretically and proven empirically of partial way. The present study determines how five constructs: creativity, speed and the efficiency can mark to the positive difference in the effectiveness of the innovative process in organizations in Mexico and as well their effect in the result of the goals (organizacional effectiveness.

  7. Análisis del sistema organizacional desde una perspectiva compleja como herramienta de recursos humanos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alonso Tejada Zabaleta

    2010-01-01

    Full Text Available Se presenta la propuesta de un Modelo del Sistema Organizacional, como una herramienta analítica que pueda ser utilizada por los encargados de RRHH o Talento Humano en las organizaciones, para definir, caracterizar, analizar y decidir sobre los elementos constitutivos del sistema y las consecuentes interacciones de dichos elementos. Labase filosófica del modelo se sustenta en un intento de aproximacióndesde el llamado "paradigma de la complejidad".

  8. ESTILOS DE LIDERAZGO, RIESGO PSICOSOCIAL Y CLIMA ORGANIZACIONAL EN UN GRUPO DE EMPRESAS COLOMBIANAS

    OpenAIRE

    CONTRERAS, FRANCOISE; JUÁREZ, FERNANDO; BARBOSA, DAVID; URIBE, ANA FERNANDA

    2010-01-01

    Se analizaron las relaciones entre los riesgos psicosociales, el clima organizacional y el estilo de liderazgo, en empresas colombianas del sector de servicios sociales y de salud. Cuatrocientos participantes respondieron la Escala de Clima Organizacional (ECO), el Cuestionario de Factores Psicosociales en el Trabajo (CFP) y el Test de Adjetivos de Pitcher (Pitcher Test Adjectives [PAT-]). Se obtuvieron coeficientes de correlación y regresiones lineales. En general, las dimensiones del ECO co...

  9. Estilos de liderazgo, riesgo psicosocial y clima organizacional en un grupo de empresas colombianas

    OpenAIRE

    FRANCOISE CONTRERAS; FERNANDO JUÁREZ; DAVID BARBOSA; ANA FERNANDA URIBE

    2010-01-01

    Se analizaron las relaciones entre los riesgos psicosociales, el clima organizacional y el estilo de liderazgo, en empresas colombianas del sector de servicios sociales y de salud. Cuatrocientos participantes respondieron la Escala de Clima Organizacional (ECO), el Cuestionario de Factores Psicosociales en el Trabajo (CFP) y el Test de Adjetivos de Pitcher (Pitcher Test Adjectives [PAT¬]). Se obtuvieron coeficientes de correlación y regresiones lineales. En general, las dimensiones d...

  10. Capacidade de absorção, turbulência ambiental e desempenho organizacional: um estudo em empresas varejistas catarinenses.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Graziele Ventura Koerich

    2015-06-01

    Full Text Available Em mercados cada vez mais dinâmicos e turbulentos, as organizações dependem cada vez mais do conhecimento externo, recurso essencial no centro das estratégias organizacionais, como forma de promover a inovação e melhorar seu desempenho (Ireland, Hitt, & Vaidyanath, 2002; Zollo, Reuer, & Singh, 2002; Cassiman & Veugelers, 2006; Morgan & Berthon, 2008; Lichtenthaler, 2009. A capacidade de absorção (absorptive capacity – Acap traduz-se como um dos processos-chave de aprendizagem das organizações no que diz respeito à identificação, assimilação e exploração dos conhecimentos do ambiente (Cohen & Levinthal, 1989; Lane, Koka, & Pathak, 2006. Apesar de um considerável número de estudos empíricos ter usado a Acap, uma medida válida que incorpore essas várias dimensões ainda não foi desenvolvida (Wang & Ahmed, 2007. Lane et al. (2006 observam que a maioria dos pesquisadores tipicamente mede a Acap como simples proxies de P&D (por exemplo, Cohen & Levinthal, 1989, ignorando a variedade de suas dimensões e suas implicações para os diferentes resultados organizacionais. Não obstante, poucos estudos empíricos têm capturado a natureza multidimensional da Acap (Jansen, Van Den Bosch, & Volberda, 2005. O presente estudo verifica a influência da Acap no desempenho organizacional sob diferentes condições de turbulência ambiental. Trata-se de um estudo descritivo do tipo levantamento ou survey, com corte transversal. A população-alvo da pesquisa foi composta por empresas de varejo na região da Grande Florianópolis, com pelo menos um ano de atividades ininterruptas. Os dados foram coletados por meio de questionários autoadministrados e respondidos pelo principal dirigente das empresas, quando possível, ou por alguém responsável pelo estabelecimento. Além disso, diferentes características de moderação, como idade e tamanho das organizações, são consideradas. Os resultados a partir de 230 empresas varejistas mostram

  11. Comprometimento organizacional e regime de remuneração: estudo em uma carreira pública de auditoria fiscal.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Joselice Lopes de Oliveira

    2014-10-01

    Full Text Available No contexto da carreira de auditoria da Receita Federal, utilizou-se, por cerca de nove anos, o regime de remuneração variável, vinculado à avaliação do desempenho individual e ao alcance de metas de arrecadação. A partir de 2008, esse sistema remuneratório foi substituído pela modalidade de retribuição pecuniária por subsídio, fixado em parcela única, sem gratificações ou recompensas. O novo modelo marca o fim das metas de desempenho individual e institucional para fins remuneratórios. Dada essa realidade, a pesquisa pretende responder à seguinte questão: Que efeito a mudança do modelo de remuneração variável para remuneração por subsídio causa no comprometimento organizacional no âmbito da carreira de auditoria do fisco federal? O objetivo geral é investigar a relação do comprometimento organizacional com os modelos de remuneração variável e por subsídio. Para isso, são considerados dois momentos distintos de forma de remuneração: sob o regime de pagamento variável, vinculado ao desempenho individual e ao alcance de metas da organização, e no segundo momento sob a forma de remuneração por subsídio, sem qualquer vínculo com as metas organizacionais ou desempenho individual. A pesquisa é de natureza quantitativa e descritiva quanto aos fins, utilizando uma survey como método de coleta de dados, com 142 integrantes da carreira de auditoria da RFB lotados na 3ª Região Fiscal. A análise dos dados coletados foi realizada a partir de estatística inferencial não paramétrica, baseada, sobretudo, em testes de análise univariada de variância. Os resultados indicam um elevado grau de comprometimento organizacional por parte dos pesquisados, ausência de efeito sobre esse comprometimento com a mudança no regime de remuneração que a categoria atravessou e revelam que auditores e analistas possuem preferência pelo modelo fixo de remuneração. Verificou-se, ainda, uma percepção de altera

  12. Claroscuros de la responsabilidad social organizacional, una mirada desde la filosofía

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mario Heler

    2010-01-01

    Full Text Available Hoy se promociona la responsabilidad social organizacional. La puesta en discusión de esta responsabilidad remite a un problema central de la ética organizacional (no siempre tematizado: la relación entre la sociedad y las organizaciones. Sin embargo, la expresión misma puede operar como un obstáculo epistemológico en su discusión, ya que no se trata de una expresión unívoca que prescriba mecanismos para abordar dicha relación. Desarrollaré una forma de entender la cuestión de la responsabilidad social organizacional, desde la comprensión del circuito de la relación de responsabilidad. Algunas precisiones a los actuales significados ambiguos de términos como moral, ética y política servirán para estipular dos sentidos de responsabilidad que se mantienen en oposición/tensión cuando se trata de poner en práctica la responsabilidad social organizacional. Tal estipulación tal vez constituya una contribución de la ética de tradición filosófica a la discusión en las organizaciones sobre su responsabilidad.

  13. CULTURA ORGANIZACIONAL E GESTÃO EM EMPRESAS DE ECONOMIA CRIATIVA: UM ESTUDO COMPARATIVO COM MODELOS DE GESTÃO CONTEMPORÂNEOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ernani Cesar de Freitas

    2014-12-01

    Full Text Available Este artigo apresenta uma pesquisa sobre a cultura organizacional e a gestão em empresas de economia criativa. O tema é emergente e teve como motivação um estudo divulgado pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro – Sistema Firjan – divulgado em 2008. O presente trabalho visa mostrar características da cultura organizacional que diferenciam as empresas de economia criativa de seus concorrentes, no que se refere aos modelos de gestão. Para tanto, busca-se compreender os elementos básicos da cultura organizacional em empresas de economia criativa, delimitar aspectos inerentes da cultura organizacional dessas empresas, com a finalidade de estabelecer semelhanças e diferenças em relação a seus concorrentes, não classificados nessa configuração criativa. Na pesquisa,verificam-se processos específicos de inovação e criação que podem refletir nos modelos de gestão, além de identificar o perfil dos gestores que atuam no segmento de economia criativa em contraste aos profissionais das demais empresas. Para o constructo metodológico, realizou-se uma pesquisa exploratória mediante estudos de caso múltiplos com abordagem qualitativa. O corpus de pesquisa constitui-se de entrevistas não estruturadas, com quatro gestores da região do Vale do Sinos/RS. A questão norteadora buscou compreender, efetivamente, elementos potenciais, tais como a criatividade e a inovação e como estas poderiam influenciar positivamente a tomada de gestão nas empresas de economia criativa. Os resultados do estudo apontam que um dos fatores que mais se diferenciam em uma empresa de economia criativa, em relação às empresas tradicionais, é a capacidade de desenvolver a propriedade intelectual, que tem na criação o seu próprio atributo e se constitui no principal ativo da empresa. Outros fatores, tais como confiabilidade, retenção de talentos e flexibilidade de horários também foram pontuados. Em relação às vantagens e desvantagens

  14. Relação entre Preços de Transferência e Conflito Organizacional em Empresas Descentralizadas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Paulo Cosenza

    2010-02-01

    Full Text Available Este trabalho apresenta o resultado de estudo realizado para analisar as práticas de preços de transferência utilizadas pelas empresas brasileiras, associando-as com o papel representado pelos conflitos organizacionais nas transações internas de uma empresa com estrutura organizacional descentralizada. Para isto, analisa-se o referencial teórico sobre o tema e sua repercussão no gerenciamento das atividades das unidades de negócio. O estudo mostra-se relevante porque os sistemas de preços de transferência costumam influir no nível de recompensas extrínsecas e intrínsecas de uma organização e, também, em sua distribuição. Dado que o sistema de compensação, que faz a medição da atuação gerencial, é dependente dos resultados das transações que ele realiza com as demais unidades, é, portanto, razoável admitir que os preços de transferência também possam influir como fatores motivadores positivos ou negativos nos critérios de valoração das transferências. O estudo permitiu inferir que há muitas possibilidades de análise dos preços de transferência em relação aos efeitos de sua influência na motivação dos gerentes. Como resultado do estudo, concluiu-se que, no caso da amostra de empresas pesquisadas, não existia nenhum sinal evidente de problemas de conflito organizacional, por causa dos sistemas de preços de transferência utilizados por elas.

  15. O ESCRITÓRIO DE GESTÃO DE PROJETOS DE PESQUISA COMO UMA INOVAÇÃO ORGANIZACIONAL NAS UNIVERSIDADES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Michele Aparecida Dela Ricci Junqueira

    2015-03-01

    Full Text Available Esta pesquisa destaca a criação do escritório de gestão de projetos de pesquisa científica como uma inovação organizacional. Sua implantação é um processo complexo, requer pessoas qualificadas e com habilidades específicas para conduzir com sucesso sua execução. O objetivo do apoio institucional à gestão de projetos é poupar os cientistas do trabalho para essa gestão. Esse apoio foi estruturado na Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo sem aumento significativo de recursos humanos, ao mesmo tempo em que incorporou um volume expressivo de atividades gerenciais que se somaram às responsabilidades previamente desenvolvidas na área financeira.

  16. Cultura organizacional e identidad en la nueva competitividad

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Ernesto Ramírez

    1998-12-01

    Full Text Available Este artículo presenta la primera parte de los resultados de dos investigaciones realizadas en 1995-1996 con ocho firmas manufactureras localizadas en el país, en las que se compararon las estrategias organizacionales y de administración que venían siendo aplicadas y su impacto sobre a la identidad cultural y los sistemas de creencias de los sujetos laborales, y b las relaciones laborales que sostienen los diversos actores. Se seleccionaron con el criterio de ser empresas representativas en Colombia del empuje y la adaptación competitiva a la globalización de los procesos económicos. La investigación que relacionó la situación de competitividad con la cultura organizacional tuvo como objetivo principal reconocer a través de una adaptación del método etnográfico, categorías y procesos validables para analizar en concreto dinámicas de cambios en los valores, creencias, actitudes y comportamientos presentes en las organizaciones en el país. Esta perspectiva adoptada privilegió identificar dos tipos de elementos. De una parte, los semióticos (p.ej. la estructura y distribución física institucional, la identificación, las vestimentas etc., y en el fondo la estructura sociopsicológica que se hace manifiesta en múltiples aspectos de las relaciones individuo-individuo (como la división del trabajo y del mando, la concepción de la dirección, la distribución de la autoridad, del liderazgo y de la información o individuo-organización (la identificación, el control, la toma de decisiones, la participación y las comunicaciones. Se asume la existencia de una fuerte dinámica de cambios en un amplio conjunto de unidades significativas para la creación de sentido. Entre las principales características comunes a los procesos culturales en las 8 organizaciones se hallaron las tendencias a 1 la reducción de los niveles jerárquicos en las pirámides de mando, pasando de 10-12 a 4-7 en promedio, con la cual se hace más marcada la

  17. Racionalidad científica, causalidad y metaanálisis de ensayos clínicos Scientific rationality, causality and metaanalyses of clinical trials

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luz María De-Regil

    2008-12-01

    Full Text Available En el campo de la salud las revisiones sistemáticas y el metaanálisis (MA han cobrado auge, ya que permiten congregar estudios de características similares y generar indicadores que describan el riesgo o el beneficio de intervenciones clínicas asociadas a la presencia de un problema de salud. Para interpretar el MA y darle su justa dimensión, es necesario tomar en cuenta la racionalidad del marco teórico que lo sustenta, sus criterios metodológicos y la posible relación causal entre exposición y evento, además del contextualizar la información. Actualmente, un gran reto constituye el análisis y la síntesis de la mayor cantidad de información para tomar decisiones de manera rápida y asertiva Este artículo hace un breve recorrido por la racionalidad científica y su aplicación en la teoría causal en el marco de la epidemiología, para sentar los cimientos que permitan evaluar la pertinencia y validez de las decisiones que se tomen con base en estos análisis.Currently, the challenge is to analyze and synthesize as much information as possible in order to make quick, correct decisions. Systematic reviews and meta-analysis have quickly arisen in the health field because they allow researchers to congregate studies of similar characteristics to generate estimators that describe the risk or benefit of practices related to health problems. To understand and attach the appropriate importance to meta-analyses, it is necessary to consider the rationale of the theoretical framework, the methodological criteria, and the possible causal relationship between exposure and outcome, besides contextualizing the information. This paper briefly explores scientific rationality and its application in causal theory within an epidemiological framework, to set the basis that allows decision-makers and health professionals to evaluate the appropriateness and validity of conclusions derived from this type of analyses.

  18. Caracterización de la cultura organizacional y lineamientos de intervención para la implementación de procesos de cambio en las organizaciones. Caso empresa sector financiero

    OpenAIRE

    Montaña Rey, Angie Paola; Torres Reyes, Germán Alonso

    2014-01-01

    El presente Trabajo de Grado busca caracterizar la cultura organizacional de una empresa del sector Financiero en Colombia y realizar orientaciones de acciones para el cambio organizacional de acuerdo con la estrategia de perdurabilidad establecida por la Alta Dirección de dicha empresa. Para este fin, se realiza una cuidadosa revisión y actualización del estado del arte de los conceptos clave ¨Cultura Organizacional¨ y ¨Cambio Organizacional¨. Es de resaltar que para el primero de ellos, se ...

  19. Desaprendizagem Organizacional: Um Estudo de Campo na Universidade Federal de Santa Catarina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo Tomaz Buchele

    2016-01-01

    Full Text Available While organizations acquire new knowledge, a process called organizational learning, they also discard obsolete knowledge, a process called organizational unlearning. Organizational unlearning focuses on the disposal of old routines to make way for new ones, and its study has received limited attention from research. Thus, due to the need for greater understanding of the unlearning process, the study presented here aims to describe the organizational unlearning process in a public organization, a context even less studied than private organizations. For this, support by the theory of organizational routines, we used field research to describe the organizational unlearning process in one of Colleges of the Federal University of Santa Catarina. Among other things, changes were found to act as levers for organizational unlearning, and organizational learning and unlearning are closely linked through the introduction and disposal of organizational routines.

  20. Diagnóstico da capacitação organizacional para o trabalho em equipe

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patricia de Sá Freire

    2013-11-01

    Full Text Available A pesquisa visou diagnosticar o estágio de capacitação para aprendizagem de uma empresa brasileira do setor de comunicação. Para tanto, o estudo buscou apoio nas teorias de autores clássicos e contemporâneos, como Vygotsky (2005 e a construção social da aprendizagem e, Nonaka e Takeuchi (1997 e a construção do conhecimento. Definiram-se variáveis de análise a partir das técnicas para a “empresa que aprende” de Senge (2006. Realizou-se pesquisa descritiva predominantemente qualitativa mediante entrevista e análise documental, e quantitativa, utilizando-se questionários com os funcionários para obtenção de dados primários. Concluiu-se que o grupo tem construído valor na disciplina Domínio Pessoal ao incentivar e apoiar os estudos e o crescimento individual; contudo, para se capacitar ao enfrentamento da globalização, precisa-se dar mais atenção à comunicação interna e aos trabalhos colaborativos. Com isso, constrói-se coerência entre as estratégias e as ações, o que, por sua vez, também contribuirá para eliminar os bloqueios existentes no grupo para desenvolver as outras disciplinas essenciais. Este estudo, além do diagnóstico da capacitação organizacional para a aprendizagem, destaca uma contribuição metodológica com seu questionário e o gráfico Radar, que facilita o entendimento do diagnóstico e a discussão de soluções para dificuldades diagnosticadas.  

  1. Diagnóstico da capacitação organizacional para o trabalho em equipe

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patricia de Sá Freire

    2013-07-01

    Full Text Available A pesquisa visou diagnosticar o estágio de capacitação para aprendizagem de uma empresa brasileira do setor de comunicação. Para tanto, o estudo buscou apoio nas teorias de autores clássicos e contemporâneos, como Vygotsky (2005 e a construção social da aprendizagem e, Nonaka e Takeuchi (1997 e a construção do conhecimento. Definiram-se variáveis de análise a partir das técnicas para a “empresa que aprende” de Senge (2006. Realizou-se pesquisa descritiva predominantemente qualitativa mediante entrevista e análise documental, e quantitativa, utilizando-se questionários com os funcionários para obtenção de dados primários. Concluiu-se que o grupo tem construído valor na disciplina Domínio Pessoal ao incentivar e apoiar os estudos e o crescimento individual; contudo, para se capacitar ao enfrentamento da globalização, precisa-se dar mais atenção à comunicação interna e aos trabalhos colaborativos. Com isso, constrói-se coerência entre as estratégias e as ações, o que, por sua vez, também contribuirá para eliminar os bloqueios existentes no grupo para desenvolver as outras disciplinas essenciais. Este estudo, além do diagnóstico da capacitação organizacional para a aprendizagem, destaca uma contribuição metodológica com seu questionário e o gráfico Radar, que facilita o entendimento do diagnóstico e a discussão de soluções para dificuldades diagnosticadas.

  2. La relevancia del contexto en el análisis organizacional: Tradición y modernidad en una empresa familiar en Chiapas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcela Victoria Rendón Cobián

    2014-01-01

    Full Text Available El objetivo central de este trabajo es el de mostrar la utilidad, y complejidad, del concepto de contexto en el estudio de caso. Para ello realizamos una reflexión teórica amplia que nos permita un primer acercamiento a una empresa familiar ubicada en el Estado de Chiapas; ésta es estudiada utilizando la metodología cualitativa, principalmente entrevistas a profundidad y observación de campo. La principal conclusión reside en la capacidad que posee el contexto para proporcionar sentido a la acción de los actores sin constituir éste un dispositivo determinista que impida la autonomía del actor y la expresión de las particularidades propias de toda trayectoria individual. El contexto constituye un elemento esencial para entender la acción social. En el ámbito del estudio de las organizaciones éste incorpora tanto elementos de sentido –historia y cultura-, como de racionalidad –decisiones- y subjetivos –emociones- que inciden en la manera de interpretar experiencias personales y elaborar expectativas de vida futuras. El contexto incorpora aspectos del entorno, en tanto referencias más inmediatas y perceptibles del individuo, pero no debe confundirse con él. El contexto constituye un poderoso instrumento para encuadrar la acción organizacional sin reducirla a un simple reflejo, trastocando, empero, su capacidad de acción estratégica. Implica, por su complejidad, un abordaje de tipo multidisciplinario., por lo que introduciremos en un primer momento una discusión sobre el concepto de contexto, incluido el entorno. En el segundo apartado retomaremos algunos rasgos sobresalientes de la sociedad tradicional y sus necesarios entrecruces con la modernidad. Consideramos que tanto cada uno de ellos, como su necesaria interacción, proporcionan un marco contextual general en el cual encuadrar el análisis de la dinámica de la organización. A continuación haremos una reflexión sobre la relevancia del contexto para el estudio de

  3. Estrutura organizacional, capacidade dos serviços e impacto sobre o desempenho de fornecedores logísticos no contexto B2B

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Margareth Rodrigues de Carvalho Borella

    Full Text Available Resumo: O objetivo deste estudo é verificar quais aspectos associados à estrutura organizacional e à capacidade de prestação de serviços contribuem para o desempenho de fornecedores logísticos no contexto de relações B2B (business to business com empresas cliente, configuradas em cadeias de suprimentos (CS. Uma amostra, incluindo 80 empresas fornecedoras de serviços logísticos no sul do Brasil, foi obtida através de uma survey num universo de empresas que desenvolvem atividades logísticas de armazenagem, controle de estoque, transporte, entregas programadas, operações portuárias e desembaraço aduaneiro. O questionário utilizado continha escalas múltiplas para representar as variáveis dos constructos relacionados à estrutura organizacional, capacidade dos serviços e desempenho. As respostas refletiram a percepção que os fornecedores de serviços logísticos tinham de suas atividades em relação ao seu principal cliente na cadeia de suprimentos. Utilizando análise estatística multivariada baseada em modelagem de equações estruturais, LV-PLS (Latent Variable – Partial Least Squares com procedimento bootstrapping, verificou-se que o único atributo que provoca impacto sobre a obtenção de melhor desempenho do fornecedor de serviço logístico é a sua capacidade de cumprir técnica e operacionalmente o serviço contratado pelo cliente. A capacidade de fornecer serviços logísticos recebe influência positiva e significante tanto de uma estrutura organizacional dotada de autonomia quanto de formalização.

  4. MUDANÇA ORGANIZACIONAL E GESTÃO DOS RECURSOS HUMANOS, OU PORQUE É QUE SE MUDA PARA NÃO MUDAR NADA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jorge F. S. Gomes

    2006-09-01

    Full Text Available O presente artigo aborda a relevância e validade do modelo do equilíbrio pontuado (GERSICK, 1991 para a compreensão das mudanças ocorridas nas organizações, principalmente das mudanças ao nível da gestão dos recursos humanos. A aplicação deste modelo de mudança organizacional permite-nos levantar algumas hipóteses para explicar o facto de muitas organizações que implementam mudanças significativas nas práticas de gestão de recursos humanos não encontrarem resultados da mesma magnitude ao nível dos resultados esperados. Especificamente, a breve análise efectuada leva-nos a pensar (i que muitas das alterações ocorridas nas práticas de gestão não constituem mudanças genuínas ao nível organizacional, (ii que muitas dessas mudanças acabam inclusive por servir a tendência de inércia das organizações e (iii que essa genuína mudança organizacional ocorre apenas quando existe uma mudança nas regras básicas que regem a organização, ou seja, quando existe uma transformação cultural e estrutural capaz de sustentar e reforçar as mudanças realizadas ao nível da gestão dos recursos humanos.

  5. Cultura trabajo- familia y compromiso organizacional en empresa de servicios Cultura trabalho-família e compromisso organizacional numa empresa de serviços Work-family culture and organizational commitment in a services company

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andrés Eduardo Jiménez Figueroa

    2009-12-01

    Full Text Available Se analiza la relación entre la cultura trabajo-familia existente en una empresa de servicios financieros y el compromiso organizacional en los empleados, controlando variables sociodemográficas. A 219 trabajadores técnicos y profesionales entre 19 y 64 años, pertenecientes a 16 sucursales ubicadas en la región del Maule (Chile les fueron aplicados tres instrumentos de medición de las variables referidas. Se observa una relación significativa entre las variables constitutivas de la dimensión cultura trabajo-familia y el compromiso organizacional donde la cultura está fuertemente asociada a éste (r = 0,483, p = 0,05, Se registra que mientras más apoyo directivo desde la empresa es percibido por parte de los trabajadores mayor es el compromiso de éstos con aquélla y, particularmente, con su compromiso de tipos normativo (r = 0,417; p>0,000 y afectivo (r = 0,347; p>0,000.Analisa-se a relação entre a cultura trabalho-família existente numa empresa de serviços financeiros e o compromisso organizacional dos empregados, controlando-se variáveis sociodemográficas. A 219 trabalhadores técnicos e profissionais entre 19 e 64 anos, pertencentes a 16 sucursais localizadas na região do Maule (Chile, foram aplicados três instrumentos de medida das variáveis referidas. Observa-se uma relação significativa entre as variáveis constitutivas da dimensão cultura trabalho-família e o compromisso organizacional, estando a cultura fortemente associada a este (r = 0,483, p=0,05. Observou-se que quanto mais apoio diretivo da empresa é percebido por parte dos trabalhadores, maior é o compromisso destes com aquela e, particularmente, seu compromisso dos tipos normativo (r =0,417; p>0,000 e afetivo (r=0,347; p>0,000.It is analyzed the relationship between work-family culture with the organizational commitment of employees, controlling sociodemographical variables. 219 technical workers and professionals, between 19 and 64 years old, from a

  6. Ampliar la racionalidad económica: Teoría económica y ética a la luz de Caritas in veritate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristián Hodge C

    2012-01-01

    Full Text Available El papa Benedicto XVI propone en Caritas in veritate ampliar el concepto de razón. Ante la persistencia de una cuestión social, ahora a nivel global, que se vuelve cada vez más una cuestión antropológica, se requiere ampliar el concepto de racionalidad económica. The pope Benedict XVI propose in Caritas in veritate to broaden the concept of reason. In view of the seriousness of the social question, especially at global level, that became an anthropolical question, it needs to broaden the concept of economic rationality. It is posible a dialogue between economics, ethics and theology? This paper explore some anthropological suppositions of economy theory by N. G. Mankiw, the concept of homo economicus, his economic's rationality. R. González F. critizes from ethics the homo economicus moral. In view of a complex scarcity, its means scarcity of economics goods and scarcity of moral goods, the person needs a complex rationality. The ethics is essential in the economics decisions. The Holy Father in Caritas in veritate wants to illuminate the economy with the theological anthropology and with a personalist ethics. He propose to broaden the concept of economic rationality, he point out a logic of gratuitousness that complement with a logic of market. Thus the complex of this rationalities in the economy makes necessary to do a interdisciplinary dialogue at human service. The University is the place to do this dialogue.

  7. A RACIONALIDADE MÉDICO-JURÍDICA DOS PROCESSOS DE ALTERAÇÃO DO REGISTRO CIVIL DE PESSOAS TRANS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Luiza Rovaris Cidade

    2018-03-01

    Full Text Available O artigo tem como objetivo apresentar problemáticas e elaborações relativas à produção e afirmação de matrizes normativas e ideais regulatórios relacionados à alteração do registro civil de pessoas trans, afirmada por uma racionalidade médico-jurídica operante nos modos de subjetivação contemporâneos. A análise de decisões judiciais, como dispositivo de pesquisa, efetivadas e concluídas no estado do Rio de Janeiro, ocorreu articulada à intersecção metodológica entre a perspectiva cartográfica de pesquisa e a epistemologia feminista de base interseccional como eixos ético-políticos envolvidos no ato de pesquisar, transversalizada pela perspectiva histórica de base foucaultiana. Foram propostas discussões, a partir de levantamentos bibliográficos, relacionadas aos modos de produção da noção de indivíduo para a norma jurídica, às normas, projetos de lei e legislação internacional que regulam a questão e, por fim, à produção da cisgeneridade como matriz normativa da noção de indivíduo e do status jurídico

  8. ¿Es Racional, la Compra de un Auto Nuevo?: Una Nueva Óptica Acerca de la Racionalidad y la Toma de Decisiones

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Federico Torres Carballo

    2013-02-01

    Full Text Available Durante siglos hemos confiado en supuestos sobreel comportamiento económico del ser humano, elmás básico, quizás, es la racionalidad. Por otra parte,los postulados científicos envejecen y deben de sersustituidos para que las ciencias puedan renovarse.Este artículo esboza el debate entre los recienteshallazgos de la psicología, la economía experimental yla teoría económica vigente. Se explora esa dimensiónde la toma de decisiones menos estructurada a niveladministrativo, pero cognitiva y emocionalmentehumana.   ABSTRACT For centuries we have trusted assumptions about theeconomic behavior of human beings, the most basic onewhich perhaps is rationality. On the other hand, scientificpostulates grow old and should be substituted by newones in order to advance science. This article sketchesout the debate between recent findings in psychology,experimental economics and current economic theory.This dimension of the less structured decision making atthe managerial level but still cognitive and emotionallyhuman is explored.

  9. La Racionalidad Medicalizadora: Contornos del pensamiento de la enfermería policíaca The medicalized rationality: Outline of nursing as a government agent knowledge

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Xabier Irigibel-Uriz

    2010-09-01

    Full Text Available La contextualización del ejercicio profesional de la enfermería en los sistemas sanitarios medicalizadores, caracterizados por la influencia de las lógicas de mercado y los cálculos políticos de las fuerzas hegemónicas, permite desarrollar una descripción, narrativa e histórica de los principales rasgos y características del contorno del pensamiento, las lógicas y racionalidades que sustentan el ejercicio de la enfermería policiaca. Una aproximación a las prácticas discursivas desde donde se cuestiona la hegemonía biomédica, el reduccionismo al que remiten las tendencias fenomenológicas de las principales teorías y la influencia de la ideología liberal en el conocimiento de enfermería.The contextualization of the infirmary professional exercise in the medicalizated sanitary system, characterized by the influence of the market's logic and political calculus that belong to hegemonic powers let's us; develop a historical and narrative description of the leading traits and characteristics surrounding the thought, it's logic and rationalities that substain the exercise of nursing as a government agent. An approximation to the discursive practice from where the biomedical hegemony, the reductionism to which the phenomenological tendencies of the main theories and the influence of a liberal ideology in the nursing knowledge are questioned.

  10. El Apando y la puesta en crisis novelesca y fílmica de la racionalidad occidental como denuncia del sistema social

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Darcie Doll

    2016-12-01

    Full Text Available El artículo propone que en las dos versiones de El Apando, la novela y el filme, se exhibe una puesta en crisis de los fundamentos de la racionalidad y sus correlatos totalizadores desde varios frentes: la escenificación de la perspectiva óptica del sujeto geometral, la crítica del discurso tradicional de la nación y el planteamiento del encierro carcelario como extensión de la cárcel que es el mundo. A través de diversas estrategias discursivas se produce una subversión de los códigos realistas, en el marco de una denuncia de la opresión y la violencia del sistema social contemporáneo. Los relatos nos introducen en lo que será, décadas más tarde, la representación del mundo del narcotráfico y las consecuencias de la globalización económica en América Latina.

  11. Relação entre clima organizacional, percepção de mudança organizacional e satisfação do cliente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Neves Santos

    Full Text Available Este trabalho tem como objeto de estudo as relações entre clima organizacional, percepção de mudança e satisfação do cliente em 170 unidades de uma organização pública prestadora de serviços com atuação em todo o Brasil. Foram analisados dados primários e secundários, agregados em nível de unidade, utilizando-se da técnica de modelagem de equações estruturais. Foram testados modelos com relações direta e mediacionais entre as variáveis. Os resultados indicam que a percepção de mudança medeia a relação entre o clima organizacional e a satisfação do cliente, que o clima organizacional possui uma relação direta com a satisfação do cliente e os empregados percebem mudanças relacionadas à gestão do clima organizacional.

  12. Sobre a criação e a gestão do conhecimento organizacional Sobre la creación y la gestión del conocimiento organizacional About the creation and management of organizational knowledge

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gilberto Tadeu Shinyashiki

    2003-08-01

    Full Text Available Cada vez mais, para criar e estabilizar posição de vantagem competitiva sustentável, as melhores organizações estão investindo na aplicação de conceitos como aprendizagem, conhecimento e competência. A criação ou aquisição de conhecimento pela organização sobre suas ações representa um recurso intangível capaz de lhe conferir vantagem competitiva. Esse conhecimento é derivado das interações desenvolvidas em processos de aprendizagem que ocorrem no ambiente organizacional. Quanto mais especificidades esse conhecimento demonstrar em relação à organização, mais ele se tornará o fundamento de suas competências essenciais e, em conseqüência, um importante ativo estratégico. O texto destaca o papel da enfermeira no processo de gestão do conhecimento, posicionando-a na interseção dos fluxos horizontais e verticais de informação, e na criação de uma vantagem competitiva sustentável. Acreditamos que essa contribuição poderá oportunizar uma reflexão a respeito de suas implicações para os cenários das práticas de saúde e de enfermagem.Con vistas a crear y estabilizar una posición de ventaja competitiva sostenible, cada vez más, las mejores organizaciones están invertiendo en la aplicación de conceptos como aprendizaje, conocimiento y competencia. La creación o adquisición de conocimiento sobre sus acciones por la organización representa un recurso intangible capaz de conferirle ventaja competitiva. Ese conocimiento es derivado de interacciones desarrolladas en procesos de aprendizaje que ocurren en el ambiente organizacional. Cuanto más especificidades ese conocimiento revele con relación a la organización, más él se hará el fundamento de sus competencias esenciales y, en consecuencia, un activo estratégico importante. El texto enfatiza el rol de los enfermeros en el proceso de gestión del conocimiento, emplazándoles en la intersección de los flujos horizontales y verticales de información y

  13. O impulso formativo do pensamento crítico: racionalidade, verdade e constelação.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mauricio João Farinon

    2015-01-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.5902/1984644414823O ensaio analisa a concepção de pensamento e subjetividade em Theodor Adorno, indicando os desafios educacionais que surgem dessa concepção. Defende uma concepção de verdade definida na dinamicidade histórica. A contraposição entre conhecimento e procedimento, as noções de evidência, constelação e conteúdo de verdade, são decisivas para caracterizar o pensamento pós-metafísico e indicar os desafios na formação do sujeito segundo Adorno. Quando o conhecimento perde seu lugar pelo ideal de procedimento eficaz, ocorre o retardo da consciência, e a força do sujeito é abalada. A possível condição para reverter tal caracterização é admitir a ausência de evidência como impulso ao esclarecimento. Neste ponto é que se situa a noção de constelação e conteúdo de verdade e o impulso formativo do pensamento crítico.

  14. Aprendizajes acumulativo y generativo de las organizaciones educativas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Cardona Andújar

    2008-01-01

    Full Text Available En el presente ensayo se construye cono-cimiento, en primer lugar, acerca del concepto de las organizaciones en general, y de la escuela como organización específica. La escuela y otras institucio-nes educativas pueden considerarse como seres vivos y, desde esta premisa, son susceptibles de transfor-mación y sujetas a un aprendizaje permanente. No obstante lo anterior, se profundiza en las caracterís-ticas que presentan aquéllas que, verdaderamente, realizan un auténtico cambio hacia la mejora de la formación de su alumnado y al desarrollo profesional de sus docentes.En un segundo momento, el autor aborda el tema del aprendizaje organizativo de las instituciones educa-tivas, analizando las diferencias que presentan los aprendizajes acumulativo y generativo, defiende la complementariedad entre ambos aprendizajes, subra-yando la necesidad de buscar la dimensión científica del conocimiento organizativo. Finaliza el trabajo abordando la problemática de los denominados faci-litadores del aprendizaje de las instituciones educa-tivas, así como un conjunto de indicadores de este aprendizaje. En este sentido, unos y otros constituyen verdaderos y valiosos criterios en los que fundamen-tar el desarrollo de los procesos de evaluación y de acreditación de los centros educativos.

  15. Redes Sociales en el Contexto de Cambio Organizacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sérgio Ricardo Vieira

    2015-01-01

    Full Text Available La presente investigación tiene como principal objetivo comprobar si ocurren alteraciones en las redes intraorganizacionales de una empresa pública, llevando en cuenta las intervenciones de cambio organizacional. Para ello, se realiza el mapeamiento de las redes de amistad y comunicación de la empresa, a través de un cuestionario aplicado a los empleados en dos diferentes momentos: durante la implantación del cambio y once meses después de la primera aplicación. Las respuestas son organizadas en matrices, posteriormente analizadas con el software Unicet. Los resultados obtenidos revelan impactos más significativos en la red de amistad: reducción en el tamaño de la red y disminución de la distancia geodésica. Se observa un impacto positivo en la red de comunicación: aunque haya ocurrido una reducción en el tamaño, el cambio la impacta poco. Los resultados obtenidos contradicen la literatura en la que se basa el presente estudio, puesto que ella afirma que, tras un proceso de cambio, la red de comunicación presenta mayores diferencias.

  16. OPCIONES ESTRATÉGICAS DE DESARROLLO ORGANIZACIONAL HACIA LA SOSTENIBILIDAD

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patricia Ingrid,Keller

    2012-06-01

    Full Text Available La implementación de estrategias empresariales que construyen valor a lo largo de la cadena productiva de bienes y servicios y simultáneamente contribuyen a la sostenibilidad es uno de los temas más difíciles de abordar en la práctica. Por eso, para el presente trabajo se investigaron las estrategias posibles, identificando aquellas opciones que permiten lograr integrar las dimensiones de la sostenibilidad al desarrollo organizacional desde una perspectiva sistémica, así como sus posibilidades y limitaciones. Las actividades características de las cinco opciones posibles – control de riesgos, construcción de imagen y reputación, productividad y eficiencia, innovación y desarrollo de mercados – pueden implementarse de forma pura, combinada o sucesiva. De esta manera se pueden construir ventajas competitivas en el marco de la sostenibilidad, lo cual permite a la empresa lograr mayores posibilidades de éxito, no solo en el corto, sino también a mediano y largo plazo.

  17. Medición del potencial humano en las organizaciones

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosa María Fuchs Ángeles

    2010-11-01

    Full Text Available Las empresas alrededor del mundo se encuentran preocupadas por la gestión del talento en sus organizaciones.Parte de la preocupación consiste en retener a los colaboradores talentosos y esto no puede ser posible, siestos no se identifican adecuadamente. Las evaluaciones de desempeño y potencial cobran, entonces,importancia. Las evaluaciones de desempeño califican el récord histórico del colaborador, por lo que sumedición se facilita. Sin embargo, la medición del potencial evalúa su posible desempeño en cargos futuros,razón por la cual no es una tarea sencilla. Por ello, en este artículo se presentarán las características que seevalúan en los colaboradores con potencial y las herramientas que se suelen utilizar. Se presenta, además,la realidad sobre este tema de cuatro empresas que operan en el Perú.

  18. Las relaciones de Podemos con las organizaciones sociales

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ignacio Mariñas

    2015-09-01

    Full Text Available El 15M fue el principio del proceso de cambio en España y tiene una trascendencia en el mundo porque, por primera vez desde 1989, un movimiento contestatario al sistema alcanza una repercusión mundial. En consecuencia, todos partidos políticos en España atienden las demandas de este movimiento, bien para impulsar cambios en sus programas que atiendan a sus demandas o para intentar asumir su representación política como hace Podemos. En esta exposición se considera la tradición política de este país y el surgir del 15M, para comentar, después, las críticas a Podemos como heredero del 15M, y terminar con el análisis de su relación con las organizaciones sociales. La exposición se organiza en cinco tiempos que en su conjunto dan una visión poliédrica del problema. El objetivo es tratar de contradecir el escepticismo del Quijote sobre la posibilidad de comprender las razones y las dinámicas de los cambios sociales.

  19. Esforços de inovação organizacional e qualidade do serviço: um estudo empírico sobre unidades hospitalares Esfuerzos de innovación organizacional y calidad de los servicios: una investigación empírica sobre unidades hospitalarias Organizational innovation and service quality: an empirical analysis on hospital units

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelino José Jorge

    2013-04-01

    Full Text Available O debate sobre mudança institucional no sistema público de saúde no Brasil tem dispensado pouca atenção à inovação organizacional nas Unidades Hospitalares (UHs. Recorrendo às abordagens da inovação e da informação incompleta na análise econômica, este artigo analisa os dados de uma amostra de conveniência contendo dez relatórios da Acreditação Hospitalar, para confirmar a dinâmica das relações entre a efetividade de normas, rotinas e protocolos, o treinamento de pessoal e a qualidade do serviço nas UHs. Como contribuição teórica, o modelo formulado analisa a relação entre a inovação organizacional, a qualidade do serviço prestado na UH, a expansão da UH e o desenvolvimento do mercado de serviços de saúde. O resultado do modelo é que o efeito da inovação organizacional na qualidade do serviço em UHs de referência é maior do que o efeito dos esforços de treinamento.El debate acerca del cambio institucional en el sistema público de salud en Brasil ha concedido muy poca atención a la innovación organizacional en Unidades Hospitalarias (UHs. Utilizando la óptica del Análisis Económico cuanto a la innovación y a la información incompleta, este trabajo investiga datos originados de una muestra de conveniencia con diez relatos sobre Acreditación Hospitalaria para confirmar la existencia de relaciones entre la calidad de los servicios prestados por UHs, de un lado, y la efectividad de normas, rutinas y protocolos y la formación del personal, de otro lado. En términos teóricos el modelo propuesto contribuye al análisis de la relación entre innovación organizacional, calidad de servicios, crecimiento de UHs y desarrollo del mercado de servicios de salud. Más específicamente, resulta del modelo que el impacto de la innovación organizacional sobre la calidad de los servicios es más fuerte que el efecto de la formación del personal.Recent debate on institutional change in the Brazilian public

  20. LA LOGÍSTICA COMO ESTRATEGIA PARA PROVEER DE INTELIGENCIA A LAS ORGANIZACIONES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandro Javier Bolaños Castro

    2015-09-01

    Full Text Available En el presente documento se expone una estrategia para disminuir el fracaso que existe en el proceso de apropiación del conocimiento para soportar la toma de decisiones en organizaciones de producción de bienes y servicios.Se evidencia la falta de hacer efectivo el conocimiento para obrar y tomar decisiones, es decir no se potencia el uso del conocimiento por deficiencia en el sistema logístico requerido para suapropiación.Se busca mostrar un camino para hacer que las organizaciones se provean de inteligencia por lo que se propone la utilización de un sistema de aprendizaje organizacional, basado en el diseño de un operador de integración logística de conocimiento con struido a partir de la unión sinérgica de sistemas de gestión de conocimiento y de sistemas de soporte a la decisión.La estrategia para construir el estado del arte parte del concepto propio de inteligencia individual, y por interacción como afecta a las estructuras organizacionales, para luego abordar los conceptos de inteligencia de negocios, inteligencia organizacional y gestión de conocimiento y su papel enel proceso de aprendizaje organizacional. Por lo que la hipótesis de la propuesta es:“Con la Integración Logística de Conocimiento, que se configura como la unión sinérgica de un sistema de soporte a la decisión (DSS y la gestión del flujo de conocimiento; se dota de inteligencia a las organizaciones de producción de bienes y servicios, con capacidad para actuar exitosamente frente a procesos de toma de decisiones que no son abordados con las teorías y enfoques tradicionales.” Para lo cual en primer lugar se propone determinar el estado del arte a partir de la caracterización de la estructura y el ambiente organizacional, determinando los diferentes factores y elementos, en donde se presentan problemas de decisión en la gestión de organizaciones productivas de bienes y servicios en ambientes estratégicos, tácticos y operativos y que proporcione

  1. O conceito de racionalidade em Habermas: a 'guinada lingüística' da teoria crítica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Eduardo Jordão Machado

    1988-12-01

    Full Text Available Este ensaio originalmente foi uma comunicação apresentada na UNICAMP. Foi escrito a propósito da visita de Habermas ao Brasil, esperada para o segundo semestre do ano passado. Seu objetivo imediato era fornecer algumas informações sobre as reflexões habermasianas mais recentes. Para isto, tentou-se inserir historicamente a proposta habermasiana de uma "razão comunicativa" no atual contexto de generalizada irrupção de formas discursivas fragmentárias relativistas e irracionalistas (o "pós-estruturalismo" francês e o "pensiero debole" italiano são os exemplos estudados. Sem pretender esgotar um tema tão complexo, tentou-se também levantar algumas questões sobre as possibilidades crítico-cognoscitivas da "guinada linguística" da filosofia de Habermas e de Apel.

  2. Aprendizagem e mudança organizacional em uma Instituição de Ensino Superior em Administração

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marco Antonio Batista da Silva

    Full Text Available Esta pesquisa tem como objeto de estudo a aprendizagem organizacional em uma Instituição de Ensino Superior (IES em Administração na cidade de São Paulo. Objetiva analisar a contribuição da aprendizagem organizacional para a mudança no processo de ensino-aprendizagem nessa IES. Para auxiliar na consecução desse objetivo, definiu-se como objetivos específicos: analisar o desenvolvimento do ciclo de construção do conhecimento; investigar o processo de aprendizagem da instituição; verificar a presença de fatores inibidores e de fatores facilitadores ao processo de aprendizagem na instituição; examinar a cultura de aprendizagem dentro da instituição; averiguar a existência de mudanças no processo de ensino-aprendizagem em decorrência da cultura de aprendizagem investigada. O tema foi tratado utilizando-se a abordagem de pesquisa qualitativa, a estratégia de estudo de caso e as técnicas, baseadas em pesquisas bibliográfica, empírica e documental, com entrevistas em profundidade, grupo focal e observação para levantamento de dados. O resultado encontrado indicou que a apropriação e geração de novos conhecimentos nos níveis do indivíduo, do grupo e da organização, envolvendo tanto a aprendizagem formal quanto a informal, podem estar presentes nas mudanças estabelecidas pela IES, quando favorecida pela formação de um contexto capacitante desenvolvido por essa IES, em uma dinâmica de reflexão e ação sobre os fatores que inibem e facilitam o processo de desenvolvimento dessas mudanças. Concluiu-se que a aprendizagem organizacional é um construto que necessita ser considerado pelas organizações que estão inseridas em um contexto de constantes mudanças. No entanto, é complexo e não pode ser esgotado à luz de uma única perspectiva teórica, e nem de um único campo, proporcionando aos pesquisadores um vasto campo de estudos para que se possam gerar contribuições úteis ao mundo organizacional. O mesmo

  3. Racionalidade e métodos: estudo BREATHE - I registro brasileiro de insuficiência cardíaca

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    2013-05-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Diversos registros locais buscam de forma isolada retratar características clínicas de pacientes internados com Insuficiência Cardíaca (IC em hospitais e comunidades brasileiras. De forma geral, a análise desses dados sugere que existam diferenças importantes na etiologia, nos fatores de descompensação, no tratamento e no prognóstico de pacientes com IC nas diferentes regiões brasileiras. OBJETIVOS: Avaliar as características demográficas, clínicas, prognósticas de 1.200 pacientes admitidos com diagnóstico clínico de insuficiência cardíaca descompensada em um grupo de 60 hospitais representativos das diferentes regiões brasileiras. MÉTODOS: Estudo observacional transversal (registro com seguimento longitudinal de doze meses (visitas de admissão, alta hospitalar, três meses, seis meses e doze meses após inclusão, em que pacientes admitidos em hospitais da rede pública e privada com quadro clínico primariamente de IC definida serão estudados. RESULTADOS: Os resultados serão apresentados logo após o término da coleta, avaliação da qualidade e análise estatística dos dados. CONCLUSÕES: A análise dos resultados deste registro multicêntrico permitirá um planejamento mais adequado do aporte de recursos financeiros, pessoais e tecnológicos para a área da saúde, bem como o planejamento de medidas preventivas mais eficazes na IC descompensada.

  4. Jerarquía de vulnerabilidades de las organizaciones comunitarias de agua en Colombia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Cecilia Roa Garcia

    2015-07-01

    Full Text Available Los servicios de agua en las zonas rurales y peri-urbanas de los Andes son predominantemente prestados por organizaciones comunitarias o pequeñas empresas prestadoras. La vulnerabilidad de este tipo de proveedores de agua frente a su capacidad de adaptarse a situaciones adversas producidas por la variabilidad y el cambio climáticos, tiene que ver tanto con su dependencia de la capacidad reguladora de los ecosistemas, como con las condiciones institucionales internas y del entorno. En el marco de un proyecto de Investigación-Acción Participativa (IAP, y con base en una encuesta a las organizaciones miembros de dos asociaciones de acueductos comunitarios y un análisis detallado de ocho casos y de los datos disponibles en el Sistema Único de Información (SUI rural, se analizaron las vulnerabilidades de las organizaciones comunitarias prestadoras de servicios de agua en zonas rurales y peri-urbanas del sur occidente de Colombia. Se clasificaron las vulnerabilidades en: biofísicas en las fuentes, técnicas, institucionales y del modelo organizacional; y se encontró que las vulnerabilidades institucionales y del modelo organizacional son de igual o más importancia que las vulnerabilidades técnicas y biofísicas.

  5. Cultura organizacional: aproximación sectorial en Bogotá

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    IGNACIO GÓMEZ ROLDÁN

    2012-01-01

    Full Text Available Esta investigación busco identificar los perfiles de cultura organizacional en cuatro sectores productivos de Bogotá, e investigar la asociación de estos perfiles con su desempeño innovador. Con elmodelo y formulario de encuesta de Denison (1998, 2005, se tomo una muestra de 141 empresas pertenecientes a cuatro subsectores para estimar los perfiles sectoriales de cultura organizacional. Contrariamente a lo esperado, en este estudio, no se encontraron diferencias significativas entre los perfiles generales de cultura corporativa de los sectores, aunque se encontraron diferencias en los grados de asociación entre innovación y las variables de cultura organizacional de cada sector. Sí se encontraron diferencias en los puntajes de las variables de cultura organizacional de las empresas innovadoras frente a las poco innovadoras que pertenecen a los mismos sectores. Finalmente se confirma asociación estadística entre las características de cultura organizacional e innovación, encontrando que la discriminación por sectores también explica la innovación.

  6. Clima organizacional: uma revisão histórica do construto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Igor Gomes Menezes

    2010-04-01

    Full Text Available Clima organizacional pode ser caracterizado como um conjunto de percepções compartilhadas por trabalhadores sobre diferentes aspectos do ambiente organizacional, sendo um dos construtos mais investigados no campo do comportamento organizacional. Este trabalho objetivou sistematizar parte dos conhecimentos produzidos sobre clima organizacional ao longo dos anos, ao estabelecer um ordenamento histórico das pesquisas sobre o tema em três momentos: de 1930 a 1960, estudo da taxonomia, contexto e estrutura do construto; de 1970 a 1980, diferenciação entre os conceitos de clima e cultura organizacionais; e de 1990 à atualidade, estudos empíricos para testar a validade discriminante do clima organizacional em relação a outros construtos e desenvolvimento de novos métodos de análise. Ressaltase a premência pelo desenvolvimento de novos modelos teóricos que integrem o conjunto de descritores dos modelos já existentes e uma maior aplicação de técnicas psicométricas para validação desses modelos.

  7. El desarrollo organizacional innovador: un cambio conceptual para promover el desarrollo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elsa Petit Torres

    2012-01-01

    Full Text Available Las concepciones que tradicionalmente han prevalecido sobre el desarrollo organizacional en el marco de la empresa limitan el desarrollo integrado en Latinoamérica. Se propone en este trabajo un nuevo planteamiento conceptual del Desarrollo Organizacional para promover los procesos creativos y transformadores en Latinoamérica. El estudio es de carácter descriptivo-documental, destaca como principales resultados: a Argumentos que demuestran que el concepto de desarrollo organizacional tradicional limita el desarrollo integrado en el continente, especialmente en cuanto a los espacios de participación de los miembros de la empresa, comunidad y otros grupos de interés. Por tanto, se hace necesario el surgimiento de nuevas categorías conceptuales, y b El enfoque conceptual de desarrollo organizacional tradicional debe enfrentarse al problema de la sustitución de la visión capitalista que domina las relaciones de producción, por una lógica que impulse el desarrollo integrado. Se concluye que el desarrollo organizacional innovador como nueva categoría conceptual, constituye una estrategia para generar, desarrollar y sustentar capacidades societales de innovación que fomenten el empoderamiento innovador de los ciudadanos así como su participación en políticas públicas y empresariales.

  8. Comunicação Organizacional e Relações Públicas: Perspectivas dos estudos Latino-Americanos/ Organizational Communication and Public Relations: Prospects for Latin American studies

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Margarida M. Krohling Kunsch

    2011-05-01

    Full Text Available Apresenta aspectos conceituais sobre Comunicação Organizacional e Relações Públicas e os fundamentos que diferenciam e delimitam essas duas áreas de conhecimento. São feitas considerações sobre percepções da autora sobre os estudos dessas mesmas áreas na América Latina. Destaca-se um estudo bibliométrico de 136 textos apresentados no GT de Comunicación Organizacional y Relaciones Publicas, nos congressos bianuais da ALAIC no período de 1998 a 2008./ The objective of this paper is to introduce concepts of Organizational Communications andPublic Relations as well as the fundamentals differentiating and limiting both areas. The author also introduces her own considerations on previous studies on those same issues in Latin America. The results of the research on 136 texts presented by the working group on Organizational Communications and Public Relations during ALAIC bi-annual conferences covering the period between 1998 and 2008 deserve special attention.

  9. Aprendizado organizacional nos ciclos de planejamento estratégico de uma instituição financeira pública brasileira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sonia Maria Goulart Gonçalves

    2010-08-01

    Full Text Available As organizações precisam responder, com rapidez, à complexidade dos problemas gerados em ambientes de constantes mudanças, e o planejamento estratégico é a forma encontrada, para combinar conhecimentos e habilidades dos indivíduos e da organização, a fim de criar estratégias que efetivamente gerem resultados sustentáveis e garantam a competitividade da organização. As empresas capazes de se renovarem continuamente por meio da criação de estratégias inovadoras, associadas a um processo constante de aprendizagem organizacional, fundada no questionamento permanente, no diálogo e na interdisciplinaridade, serão as construtoras de amplas vantagens competitivas. Com base nessas premissas, esse artigo visa mostrar a evolução da aprendizagem organizacional nos ciclos de planejamento estratégico de uma instituição fnanceira pública brasileira, de 1992 a 2005, sob a ótica participativa, com base nos conceitos e práticas da interdisciplinaridade.

  10. Debates passados, presentes e futuros da aprendizagem organizacional: um estudo comparativo entre a produção acadêmica nacional e internacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Roseli Wünsch Takahashi

    2009-10-01

    Full Text Available Apesar de se apresentar como uma área multidisciplinar, e de não contar com uma teoria amplamente aceita, a aprendizagem organizacional avança e apresenta pontos de consenso que a estabelecem como um campo de conhecimento. Váriosesforços de revisão sobre o tema foram publicados nos últimos dez anos, fundamentando a definição de desafios emergentes, que apontam campos promissores para futuras pesquisas. Este artigo recupera alguns dos principais debates e prospecções, comparando a produção acadêmica nacional e internacional e identificandoas convergências e divergências entre eles. Os resultados da análise mostram que alguns tópicos presentes no debate internacional são atuais na pesquisa nacional, enquanto outros, não. Com base nessas constatações, propõe-se uma sugestão de agenda para pesquisas futuras em aprendizagem organizacional que envolvaaspectos teóricos, contextuais e metodológicos, e que propicie em condições de intervir, de forma mais intensa, no debate que se trava sobre o tema no plano internacional.

  11. Desfronteirização organizacional: o domínio da relação tempo e espaço pelas organizações transnacionais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Isabel Cristina dos Santos

    2007-12-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho é discutir as novas orientações espaço-temporais impostas pelas organizações transnacionais, as quais se valem dos avanços na tecnologia de comunicação remota e dos sistemas telemáticos para estabelecer novos sistemas de produção e de relações de trabalho, configurando uma forma contemporânea de exploração econômica. O pano de fundo das mudanças é o controle da variabilidade no macroambiente organizacional para domínio dos espaços individuais, por meio da globalização dos mercados. Este trabalho foi baseado em pesquisa bibliográfica relacionada ao debate sobre o modelo organizacional mecanicista, à cultura organizacional e aos instrumentos de gestão de recursos humanos. A pesquisa aponta para a transformação das relações de trabalho e dos espaços dos indivíduos, antes definidos pelo gerenciamento científico. A globalização e a nova ordem econômica mundial, sob o controle das organizações transnacionais, impõem rápidas reconstruções da realidade e do modelo competitivo empresarial, interferindo nos espaços sociais e políticos das localidades.

  12. Mudança organizacional em uma empresa familiar brasileira Organizational change in a Brazilian family business

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mario Couto Soares Pinto

    2009-06-01

    Full Text Available Este artigo avalia a eficácia da gestão do processo de mudança organizacional de uma empresa familiar brasileira, da área de saúde, que está passando por uma fase de sucessão e busca de maior profissionalização. Para atingir o objetivo, foram realizadas pesquisa de campo e análise qualitativa, comparando os dados levantados com os conceitos identificados na literatura. Os dados foram coletados por meio de entrevistas informais, análise de documentos da empresa e observação participativa, no período de julho de 2005 a janeiro de 2006. O estudo verifica se o processo de mudança organizacional da empresa estudada foi ou não bem-sucedido e, também, o avalia com base no modelo proposto por John P. Kotter para a implementação eficaz de mudanças nas organizações, comparando os oito passos propostos pelo autor com o ocorrido na empresa. A avaliação do processo de mudança levou à constatação de que ele não teve sucesso. O resultado da pesquisa sugere aplicabilidade do modelo de Kotter, já que evidencia que diversos passos apontados pelo autor não foram seguidos e tal fato ocasionou problemas no processo de mudança da organização.This article assesses the effectiveness of management of the organizational change process and in a Brazilian family business in the healthcare sector. The business is undergoing a succession process and wants to improve its professional profile. The study consisted of a field research and a quality analysis that compared the data obtained and the concepts identified in a selected literature. Data was collected through informal interviews, analysis of the company's documents and through participant observation, from July 2005 to January 2006. This article shows if the organizational change process has succeeded or not, also considering the model proposed by John P. Kotter for the efficient implementation of changes in organizations, comparing the eight-stage change process proposed by that author

  13. Delimitação do conceito de aprendizagem organizacional. Sua relação com a aprendizagem individual

    OpenAIRE

    Lopes, Albino; Fernandes, Alexandra

    2002-01-01

    Série III, Outubro-Dezembro 2002 Reflexão sobre a relação existente entre a aprendizagem organizacional e a aprendizagem individual. A importância do conceito de aprendizagem organizacional para a compreensão da realidade das empresas.

  14. Sede de organizaciones internacionales y centro de conferencias, Viena - Austria

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Staber, Johann

    1979-11-01

    Full Text Available This complex on one bank of the Danube, is located between Wagramer Street and the Danube Park, a beautiful area overlooking the City and surrounded by greenery. It includes: — Six Y-shaped buildings, four of them housing the administrative centers of two international organizations AIEA and UNODI and the other two used for common services. — One circular building used for international congresses. — One hexagon congress hall attached to a circular hotel building. In addition, the complex includes a multilevel car park, elevated pedestrian walks, two access plazas and full network of roads at different levels. The congress centre is the most essential element of the complex and, similarly as the circular international congress hall was designed with flexibility in mind, permitting a number of different floor arrangements using movable partitions.

    Este complejo, construido a orillas del Danubio, está situado entre la calle Wagramer y el parque del Danubio, en una zona de gran belleza, con magnificas vistas de la ciudad y con amplias zonas verdes. Consta de: —Seis edificios con plantas en forma de Y, cuatro de ellos utilizados para sedes administrativas de las Organizaciones Internacionales AIEA y UNODI, y los otros dos para servicios comunes. —Un edificio de planta circular destinado a Conferencias Internacionales. —Un Centro de Conferencias de planta hexagonal, adosado a un hotel de planta circular. El conjunto se completa con estacionamientos de varias plantas, pasarelas para peatones, dos plazas de acceso y un completo trazado viario con calles a distintos niveles. El Centro de Conferencias es la parte esencial del complejo y, al igual que el edificio circular para Conferencias Internacionales, admite distintas variantes en la distribución del espacio para salas mediante la utilización de tabiques móviles de separación.

  15. Comunicación organizacional, calidad de los servicios. Estudio de su relación

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Odalys Marrero Sánchez

    2013-11-01

    Full Text Available La comunicación organizacional ofrece la posibilidad de interiorización de conocimientos e incorporación de habilidades que tributan al desarrollo social, tanto en lo económico como en lo cultura, mediante su contribución al perfeccionamiento de las empresas y al fortalecimiento de los valores de la cultura en las organizaciones y la sociedad en general.En siguiente artículo es proporcionar una recopilación teórica y reflexionar acerca de la importancia de la comunicación organizacional y su relación con la calidad de los servicios. Se basó en una investigación de alcance descriptivo y un diseño no experimental.

  16. Organizaciones juveniles: ¿espacios de formación ciudadana?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manuel Jair Vega Casanova

    2007-01-01

    Full Text Available El campo social de las organizaciones juveniles del Departamento del Atlántico está integrado principalmente por organizaciones articuladas a instituciones tradicionales. Pero sus miembros se muestran resistentes hacia el ejercicio tradicional de ciudadanía debido los imaginarios de desconfianza hacia el funcionamiento confiable del Estado y sus formas establecidas de participación ciudadana. Adicionalmente, esta resistencia está acompañada por indicios de sujetos sociales y ciudadanías alternativas. Sin embargo, existen dificultades para definir este campo social debido a la poca institucionalización de relaciones externas entre organizaciones juveniles, porque podría ser más acertado hablar de los campos sociales a los cuales pertenecen.

  17. Los procesos de cambio organizacional y la generación de valor

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Luis Sandoval Duque

    2014-01-01

    Full Text Available El objeto de este artículo es explorar, partiendo de reflexiones conceptuales y de revisión bibliográfica, algunos de los elementos inherentes a la generación de cambios organizacionales como parte de la gestión gerencial en la búsqueda de la creación de valor. Existen muchos supuestos sobre el cambio, y las organizaciones frecuentemente toman decisiones sustentadas en conceptos equivocados sobre lo que esto significa, la manera como debe entenderse y enfrentarse, la necesidad de hacerlo en el momento que se requiere, y las consecuencias de actuar improvisadamente en este sentido. La gestión del cambio organizacional tiene muchas facetas que deben ser comprendidas previamente, si se quiere responder de manera adecuada a las necesidades de entenderlo y usarlo para crear valor en las organizaciones.

  18. Cultura organizacional y reinserción empresarial: de la ciencia a la conciencia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adolfo Jarrín

    2007-01-01

    Full Text Available Las organizaciones juegan cada vez un papel más estratégico en el mundo contemporáneo en la búsqueda de un desarrollo sustentable. En esa dinámica la cultura organizacional atraviesa por transformaciones sustanciales que apuntan más al equilibrio entre lo ecológico y lo humano, lo cual implica un incesante desarrollo de la conciencia por encima de indicadores de consumo o de riqueza, tendiendo a privilegiar el desarrollo y fortalecimiento del bien común. Esto equivale a entender el concepto de ciudadano corporativo y valorar a las organizaciones como sistemas humanos y no como máquinas para hacer dinero En este contexto resulta estratégica la búsqueda por nuevos paradigma de gestión de la organización que equilibren el desarrollo entre ciencia y conciencia.

  19. Transparencia en las organizaciones, una aproximación desde la perspectiva de los colaboradores

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Florina Guadalupe Arredondo Trapero

    2014-10-01

    Full Text Available El objetivo de investigación es identificar las diferencias de percepción acerca de la transparencia organizacional desde la perspectiva del colaborador dependiendo del sector, del tamaño y de la cobertura a la que pertenece la empresa. Se realizan pruebas t en un colectivo de empresas en México para medir las diferencias significativas entre los diversos grupos de empresas, encontrando que la empresa del sector privado y con perfil exportador tiende a integrar de una forma más decidida las prácticas transparentes que los otros tipos de empresas o instituciones. Se propone que un colaborador ciudadano puede ser un elemento clave dentro de las organizaciones públicas y privadas para incrementar la transparencia organizacional.

  20. Racionalidade terapêutica: elementos médico-sanitários nas demandas judiciais de medicamentos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Mauricio Brambati Sant'Ana

    2011-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Caracterizar os principais elementos processuais, médico-científicos e sanitários que respaldam as decisões das demandas judiciais individuais por medicamentos consideradas essenciais. MÉTODOS: Estudo descritivo retrospectivo com base em 27 ações julgadas em 2ª instância no Estado do Rio de Janeiro em 2006. Os processos originais foram solicitados ao Arquivo Central do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, fotografados e analisados na íntegra. RESULTADOS: Todas as ações incluíram prescrição e atestado médicos. As prescrições estavam em desacordo com a legislação. Não houve perícia médica em nenhuma das ações e em 7,4% constavam exames complementares. Apesar da escassa informação médica contida nos autos, todos os pedidos foram deferidos. CONCLUSÕES: O acolhimento de demandas judiciais carentes de subsídios clínicos e diagnósticos traz embaraços de ordem gerencial e sanitária ao sistema de saúde, pois comprometem a assistência farmacêutica regular e fomentam o uso irracional de medicamentos.

  1. LA ESTRUCTURA ESCOLAR INHIBIDORA DEL APRENDIZAJE ORGANIZACIONAL: EXPERIENCIA DERIVADA DE CASO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    David Simonetta

    2010-01-01

    Full Text Available El presente artículo describe resultados y conclusiones de una investigación realizada en un centro escolar de nivel medio llamado Instituto Brigadier General Martín Rodríguez, de financiamiento público y gestión privada, de la ciudad de Tandil, provincia de Buenos Aires, República Argentina. En este artículo se ha abordado la problemática de la estructura del centro escolar y su impacto en la gestión del conocimiento y la generación de aprendizaje organizacional en la escuela. Se investigó distinta bibliografía referida a la estructura organizacional, la gestión del conocimiento, las teorías denominadas principios, disciplinas, o procesos de aprendizaje organizacional, y organización y gestión de centros escolares. Se ha planteado a partir de allí el modelo de observación que caracteriza la dinámica y evolución del aprendizaje organizacional y sus efectos. Directivos, Docentes, Personal de apoyo, Alumnos aportaron sus opiniones para este trabajo. Bajo este modelo de abordaje, se evidencian en el caso planteado características estructurales predominantemente inhibidoras de los procesos de aprendizaje organizacional. Respecto de los conocimientos tratados e intercambiados entre personas del centro escolar, existe un exceso de cuestiones analíticas, en detrimento de creaciones originales o nuevas prácticas a partir de dichos procesos organizacionales. Es decir, no solo la estructura impide el aprendizaje organizacional, sino que además la característica del conocimiento intercambiado lo vuelve no benéfico organizacionalmente hablando.

  2. Estabelecendo o grau de descentralização da estrutura organizacional: o caso do programa estadual de microbacias hidrográficas Determining the degree of decentralization for an organization: a case of a state program

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ailton Conde Jussani

    2007-03-01

    Full Text Available Este artigo tem por objetivo desenvolver e testar um modelo conceitual para estabelecer o grau adequado de descentralização na estrutura organizacional do Programa Estadual de Microbacias Hidrográficas. Inicialmente, fez-se uma revisão bibliográfica do tema centralização e descentralização, com a finalidade de definir o modelo conceitual. A seguir, o modelo foi aplicado à estrutura organizacional do Programa Estadual de Microbacias Hidrográficas do Estado de São Paulo. Entrevistas com o Diretor Técnico do Escritório de Desenvolvimento Rural, integrante do Programa na cidade de Itapetininga, e com os gerentes do programa foram conduzidas com base em um roteiro predefinido. O estudo mostrou a aplicabilidade do modelo, evidenciando que a decisão de descentralização parcial é a mais adequada. Mostrou também que a duplicação de recursos na descentralização parcial se justifica onde a demanda por estradas rurais é crítica para o transporte de produtos agrícolas. Finalmente, a aplicação do modelo mostrou potencial de aprimoramento no grau de descentralização da estrutura organizacional.Literature was reviewed to define a conceptual model for development and test in order to determine the proper degree of decentralization for the organizational structure of the Microcatchment Program of the State of Sao Paulo. Program managers and the Technical Director for Rural Development of the town of Itapetininga were interviewed according to a set of guidelines. The model adopted was shown to be appropriate and recommended partial decentralization. Analysis showed that duplication of resources for the partial decentralization was justifiable where secondary roads are necessary for transport of agricultural products. In conclusion the model used showed potential for further improvement in the degree of decentralization.

  3. Las organizaciones intermedias en los procesos de innovación en México

    OpenAIRE

    Pérez Hernández, Maria del Pilar Monserrat

    2016-01-01

    Resumen: La actividad innovadora depende de los vínculos o mediación que exista entre los actores que generan la tecnología y el conocimiento y los usuarios finales de una y otro; este papel lo cumplen diversas organizaciones intermedias (OI), las cuales traducen las necesidades de los usuarios de tecnologías en desarrollo. Este trabajo analiza el papel de dichas organizaciones intermedias en los procesos de innovación en México. Así, se distingue que existen tres vacíos estructurales: en la ...

  4. Soporte a la recomendación en aseguramiento de calidad usando memoria organizacional

    OpenAIRE

    Rivera, Belén; Martín, María de los Ángeles; Olsina Santos, Luis Antonio

    2009-01-01

    Las lecciones aprendidas por las personas son una clase de conocimiento valioso para una organización (por ej., de software), a la hora de resolver situaciones similares (casos). Una forma de aprovechar mejor dicho conocimiento, de manera que dé soporte a la recomendación en la toma de decisiones, es contar con una memoria organizacional que lo administre y procese en forma consistente y eficaz. En este trabajo a partir de la ontología de memoria organizacional basada en casos, mostramos s...

  5. Cómo medir la innovación en las organizaciones

    OpenAIRE

    Bermúdez García, Javier Eduardo

    2014-01-01

    En estos días se habla mucho sobre la importancia de la innovación en nuestras organizaciones como fuente generadora de valor, pero existe un vacío relacionado a la forma de medición de la misma. Es por esta razón que el objetivo de la presente investigación, exploratoria y descriptiva, es responder a la siguiente pregunta: ¿Cómo medir la innovación en las organizaciones?

  6. BASES EPISTEMOLÓGICAS DA TEORIA DE CRIAÇÃO DE CONHECIMENTO ORGANIZACIONAL

    OpenAIRE

    Juliana Leonardi; Rogério Cid Bastos

    2014-01-01

    A passagem da era industrial para era do conhecimento alavancou estudos científicos organizacionais no campo da Ciência da Administração, ao longo do século XX. Estudos sobre a criação do conhecimento organizacional fazem parte deste arcabouço teórico contemporâneo. Este artigo objetiva investigar as bases epistemológicas da teoria de criação do conhecimento organizacional, desenvolvida por Ikujiro Nonaka. Foi realizado um levantamento de suas obras (artigos e livros) que tratam sobre o tema ...

  7. Elementos para la relación entre cultura organizacional y estrategia: caso Google

    OpenAIRE

    Díaz Rengifo, Isabella; Hereyra Guerra, Oriana Alexandra

    2016-01-01

    Desde el año 360 a.C. se comienza a hablar de la importancia de la estrategia para el éxito de las empresas, argumentando que a través de ella, se establece una visión y un método para alcanzarla. Sin embargo, desde los años ochenta el tema de cultura organizacional empieza a surgir como un elemento clave dentro de las compañías. El talento humano pasa a tener importancia dentro del panorama organizacional como un recurso valioso, cuya gestión puede resultar convirtiéndose en una ventaja comp...

  8. ANALOGÍA Y METÁFORA EN EL ANÁLISIS ORGANIZACIONAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jairo Carrillo

    2003-07-01

    Full Text Available Este ensayo busca mostrar cómo la analogía y la metáfora constituyen recursos metodológicos adecuados para describir y comprender aspectos centrales de la dinámica organizacional, no accesibles por otros métodos. Como ilustración se hará énfasis en la metáfora que asocia las organizaciones con el concepto de prisión psíquica o cárcel virtual.

  9. Comunicación, lenguaje y comunicación organizacional

    OpenAIRE

    Celsi Brönstrup; Elena Godoi; Anely Ribeiro

    2007-01-01

    El trabajo reflexiona sobre conceptos, objetos y un posible paradigma que el área de la comunicación viene desarrollando en sus investigaciones. Pretende examinar si hay una vinculación entre los aspectos teóricos de la comunicación con la comunicación organizacional. Con esta finalidad realiza un estudio bibliográfico de revisión de la literatura sobre investigaciones ya realizadas por autores vinculados a las áreas de comunicación, comunicación organizacional y lingü...

  10. Aprendizagem Organizacional, Teoria Ator-Rede e Estudos Foucaultianos: Tempo, Espaço e Poder

    OpenAIRE

    Bruno Luiz Américo

    2016-01-01

    Esse trabalho baseia-se no mapeamento de lacunas encontradas nos desenvolvimentos dos estudos organizacionais de conhecimento e aprendizagem, e busca contribuir para a consolidação da aprendizagem organizacional como uma teoria do movimento organizacional/social. Para isso, propõe diálogo entre a Perspectiva Social-Política da Aprendizagem social, a Teoria Ator-Rede e os estudos foucaultianos. O trabalho conclui destacando o potencial da teoria ator-rede e dos estudos foucaultianos para anali...

  11. Las organizaciones contemporáneas tipo mp3 y su influencia cultural

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hugo Macías Cardona

    2011-06-01

    Full Text Available En este artículo se hace una reflexión sobre la influencia cultural de organizaciones contemporáneas con estructuras des-jerarquizadas y procesos internos no secuenciales, que el profesor Richard Sennet ha llamado organizaciones MP3. A partir de las estructuras organizacionales descritas por Álvaro Zapata, la distinción entre trabajo y labor de Hannah Arendt, los mecanismos de vigilancia foucaultianos y una contextualización en Colombia, se analiza la baja lealtad institucional, la disminución de la confianza informal entre quienes laboran y el debilitamiento del conocimiento institucional.

  12. Clima organizacional y disposici?n al cambio en una entidad sin ?nimo de lucro

    OpenAIRE

    G?nzalez-Rubio, Daniella; Quintanilla, Karen

    2017-01-01

    El prop?sito de la investigaci?n fue describir el clima organizacional y la actitud hacia el cambio de los colaboradores de la Fundaci?n Compasi?n y Amor, entidad sin ?nimo de lucro, con el fin de generar una propuesta que contribuya al desarrollo organizacional. Se realiz? una investigaci?n cuantitativa y descriptiva con 15 colaboradores de la Fundaci?n, los que tienen contrato directo y est?n en cargo administrativo y los voluntarios que no tienen contrato. Se dise?? y aplic? una bater?a c...

  13. Actualidad de la capacitación en Inteligencia de Negocios brindada por organizaciones latinoamericanas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kuna, Horacio Daniel

    2013-04-01

    Full Text Available En la actualidad no se ha identificado un programa de capacitación que defina con claridad las estrategias didácticas y pedagógicas adecuadas para la formación de usuarios finales de soluciones de Inteligencia de Negocios (BI en al ámbito de organizaciones en BI en Latinoamérica, e identifica un conjunto de características de las alternativas de capacitación ofrecidas, con el objetivo de permitir la generación de planes de capacitación adecuados para la realización de las organizaciones regionales.

  14. Preservación y digitalización en las organizaciones: motivos y retos

    OpenAIRE

    Ramírez Martín, Susana María

    2015-01-01

    Desde 2007, la legislación española anima al uso de documentos electrónicos para interactuar con la Administración. Al mismo tiempo, las organizaciones han incrementado la producción documental para la gestión de cualquier trámite administrativo y necesitan reducir el espacio físico destinado a la conservación de estos documentos. A consecuencia de ello, todas las organizaciones están digitalizando sus documentos en soporte analógico para adaptarse a las nuevas necesidades que exige esta gest...

  15. El modelo de desarrollo organizacional en España: origen y trayectoria

    OpenAIRE

    Tomillo Lázaro, Alvaro

    2016-01-01

    El Trabajo de Fin de Grado presentado a continuación trata de un proyecto de investigación mediante el cual se pretende localizar tanto el origen como la posterior evolución de las ideas del Desarrollo Organizacional en España, además de su influencia en la vida de la organización. Partiendo de su aspecto teórico, nos centraremos en conocer qué es el Desarrollo Organizacional, cuál fue su desarrollo histórico y los problemas que afronta este enfoque. Pasando al caso español podremos conocer c...

  16. Descripción y caracterización de la cultura organizacional en Colviseg Ltda.

    OpenAIRE

    Oviedo Madrid, Diana Carolina; Saavedra Poveda, Mónica Jimena

    2010-01-01

    Se realizó un estudio de cultura organizacional en Colviseg Ltda., empresa de vigilancia y seguridad que opera en la ciudad de Bogotá, con el fin de analizar la estructura y la dinámica de cada una de las áreas, para así describir la cultura organizacional de la empresa de forma concreta y detallada, la cual servirá como “insumo fundamental para diseñar estrategias coherentes y factibles de ejecutar dentro de procesos de cambio organizacional” . Se utilizo la metodología del libro Transformac...

  17. Sociedades religiosas y organizaciones privadas de beneficencia en la frontera norte (Tijuana): Un primer acercamiento

    OpenAIRE

    Víctor Clark Alfaro

    1991-01-01

    A partir de la década de los setenta se da un crecimiento importante de organizaciones religiosas en América Latina y del que la frontera norte no ha sido ajeno.El propósito de esta investigación es dar una visión aproximada de la presencia cada vez más numerosa de sociedades religiosas y organizaciones privadas de beneficencia y su impacto social en distintos ámbitos de la ciudad de Tijuana con una breve referencia a la zona rural (San Quintín). La información que se ofrece fue recopilada an...

  18. Leoncio Solorzano Acuña: el portal de paradigmas para organizaciones competitivas

    OpenAIRE

    Sáenz Vílchez, Erika

    2014-01-01

    El Mg. Jorge Leoncio Solórzano Acuña fue docente principal del área organizacional de la Facultad de Psicología de la Universidad Nacional Mayor de San Marcos. A lo largo de su carrera realizó diversas investigaciones en los campos del desarrollo humano y la creatividad en la cultura organizacional. Durante sus últimos años se dedicó al estudio de la prospectiva; disciplina científica, aún no muy difundida en nuestro país, que sirve como herramienta para el planeamiento de estrategias en esce...

  19. Clima organizacional enfocado al desempeño del talento humano

    OpenAIRE

    Romero Vélez, Marisol; Verduga Pino, Alexandra; Macías Zambrano, Nimia

    2015-01-01

    El objetivo del trabajo fue realizar el diagnóstico del clima organizacional del Instituto Ecuatoriano de Social IESS Portoviejo, para identificar elementos que tienen prioridad dentro de la institución como: ambiente laboral, estilos de liderazgo, toma de decisiones, trabajo en equipo y ética profesional, que son parte del clima organizacional, elementos formativos, culturales que facilitan o dificultan el proceso de evaluación del desempeño del talento humano. El estudio se realizó a través...

  20. RELAÇÕES DE PODER E ESTRUTURA ORGANIZACIONAL EM WEBER E CHIAVENATO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Caio Calmon Vinícius de Souza

    2012-03-01

    Full Text Available O presente artigo tem por objetivo discutir a relação entre poder e estrutura organizacional buscando apontar a importância das relações de poder para a estruturação da organização. Para isso recorreu-se às contribuições de Max Weber (1979 e de Chiavenato (2003, ambos teóricos que trataram de questões envolvendo poder e estrutura organizacional.

  1. Claves para la Gestión de Puestos de Trabajo en las Organizaciones en Red.

    OpenAIRE

    Moreno Romero, Ana María; Mataix Aldeanueva, Carlos; Mahou Fernández, Ángel

    2011-01-01

    Las organizaciones viven cambios estratégicos, culturales y organizativos para adaptarse a la sociedad red. La incorporación de las Tecnologías de Información y Comunicación facilita los esquemas de trabajo en red dentro de las organizaciones y entre ellas. En este contexto, hay profesionales desbordados en su puesto de trabajo, por exceso de información, correos electrónicos, llamadas, reuniones, plataformas virtuales. Estos cambios suponen un reto para la organización del trabajo y mejora d...

  2. Cultura y compromiso organizacional en la motivación laboral

    OpenAIRE

    Gutiérrez Vaisman, Walter Jacobo

    2016-01-01

    La investigación pretende determinar la influencia de la cultura y compromiso organizacional en la motivación laboral de los agentes de vigilancia privada de la empresa Vaisman Security, Lima 2016; es decir, cómo están asociadas estas variables tan importantes para el desarrollo de una mejor cultura y compromiso organizacional de los trabajadores y motivarlos, para el buen desempeño de sus labores . La investigación obedece a un tipo básico, de nivel explicativo y de diseño no ...

  3. Adopción de TIC como mecanismos facilitadores de la gestión organizacional

    OpenAIRE

    Vargas Quintana, Lucas

    2013-01-01

    Los avances tecnológicos y la entrada a una nueva era digital son una realidad presente en todos los aspectos de la sociedad actual. El mundo organizacional se incluye en esta nueva era digital modernizando sus procesos y soportando sus actividades empresariales en tecnologías de la información y comunicaciones. La inclusión en la era digital por parte de las organizaciones es un paso importante que se debe dar para obtener los crecientes beneficios que la tecnología ofrece. Esta transfor...

  4. Competitividad de las organizaciones productoras de cacao (Theobroma cacao l en el sureste de Nicaragua

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Norman Javier Saballos

    2018-02-01

    Full Text Available Se identificó los factores relacionados a la competitividad de las organizaciones de productores que comercializaron cacao durante el 2014, en la región sureste de Nicaragua. Para identificar los factores relacionados a la competitividad, se estudiaron a través de la “Cadena de Valor” cada una de las actividades primarias y de apoyo, así los indicadores de la competitividad; la productividad, calidad del producto, costos, cuota de mercado, permanencia en el mercado y la rentabilidad. El estudio se realizó mediante encuestas a representantes de siete organizaciones.

  5. SATISFAÇÃO NO TRABALHO, COMPROMETIMENTO ORGANIZACIONAL E INTENÇÃO DE SAIR: UM ESTUDO ENTRE AS GERAÇÕES X E Y

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariana Nitz Cappi

    2015-12-01

    Full Text Available RESUMO Esta pesquisa analisa se há diferenças entre indivíduos das gerações X e Y quanto ao grau com que os antecedentes "satisfação no trabalho" e "comprometimento organizacional" precedem a intenção de sair do emprego. Para mensuração dos construtos foram utilizados três questionários validados em estudos anteriores, apresentados em uma escala tipo Likert de 5 pontos: o primeiro de Price e Mueller (1981 para analisar a satisfação no trabalho; segundo o de Mowday, Steers e Porter (1979 para verificar o comprometimento organizacional; em terceiro, a análise da intenção de sair do emprego foi feita por meio do questionário de Shoere e Martin (1989. Em adição aos questionários, foram inseridas na pesquisa questões para levantamento de dados demográficos como idade, sexo, grau de escolaridade, ramo de atuação, nível hierárquico e local de residência. Foram obtidas um total de 320 respostas válidas e a relação entre as variáveis foi estudada por meio do método de Modelagem de Equações Estruturais, a fim de testar as hipóteses apresentadas, com a estimação PLS (Partial Least Squares - Path Modeling, através do software SmartPLS 2.0. Identificou-se um padrão de relações positivas e altamente significantes entre a satisfação no trabalho e o comprometimento organizacional, e relações negativas e significantes entre esses construtos e a intenção de sair do emprego para ambas as gerações X e Y. Na comparação entre gerações, os resultados sugerem que, para a geração X, a satisfação no trabalho mostrou-se como um antecedente mais forte do comprometimento organizacional e da intenção de sair do emprego, ao contrário do esperado. Entretanto, o comprometimento organizacional mostrou-se um antecedente mais forte da intenção de sair do emprego para a geração Y, conforme as expectativas. O estudo apresenta limitações quanto à amostra, ao método e à interpretação dos dados, bem como sugere

  6. O ENTRELAÇAMENTO ENTRE OS PROCESSOS DE FUNCIONAMENTO COM O CLIMA ORGANIZACIONAL EM UM DEPARTAMENTO DE SERVIÇOS PÓSTUMOS: UMA INVESTIGAÇÃO QUALITATIVA.

    OpenAIRE

    Merjane, Telma Vilela Borges

    2014-01-01

    O presente estudo foi desenvolvido em uma organização sem fins lucrativos denominada Fraternidade e Assistência a Menores Aprendizes (FAMA), na cidade de Goiânia-GO, com o objetivo de compreender a relação entre os processos de funcionamento dos serviços, o clima organizacional e a saúde da equipe no setor de serviços póstumos. A metodologia adotada utiliza uma investigação qualitativa envolvendo oito funcionários que atuam no departamento de serviços póstumos. Trata-se de um estu...

  7. Conocimiento e innovación en los procesos de transformación organizacional: el caso de las organizaciones bancarias en colombia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guillermo Murillo Vargas

    2009-07-01

    Full Text Available El artículo estudia el conocimiento y la innovación en los procesos de transformación organizacional en el sistema bancario colombiano y sus implicaciones en los procesos de trabajo y las nuevas formas de agrupación sectorial. Se parte de una revisión conceptual sobre el conocimiento y la innovación, desarrollando aspectos que van desde la filosofía, hasta la economía y la administración. Posteriormente, se abordan los principales elementos que han tenido incidencia en el sector financiero colombiano desde los conceptos teóricos, pasando por las características de la creatividad y la innovación, los sistemas nacionales de innovación y, finalmente, los procesos de transformación organizacional en el sector financiero colombiano. Se desarrollan unas conclusiones a la luz de las transformaciones organizacionales.

  8. CONOCIMIENTO E INNOVACIÓN EN LOS PROCESOS DE TRANSFORMACIÓN ORGANIZACIONAL: EL CASO DE LAS ORGANIZACIONES BANCARIAS EN COLOMBIA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    GUILLERMO MURILLO VARGAS

    2009-01-01

    Full Text Available El artículo estudia el conocimiento y la innovación en los procesos de transformación organizacional en el sistema bancario colombiano y sus implicaciones en los procesos de trabajo y las nuevas formas de agrupación sectorial. Se parte de una revisión conceptual sobre el conocimiento y la innovación, desarrollando aspectos que van desde la filosofía, hasta la economía y la administración. Posteriormente, se abordan los principales elementos que han tenido incidencia en el sector financiero colombiano desde los conceptos teóricos, pasando por las características de la creatividad y la innovación, los sistemas nacionales de innovación y, finalmente, los procesos de transformación organizacional en el sector financiero colombiano. Se desarrollan unas conclusiones a la luz de las transformaciones organizacionales.

  9. Análisis de eficacia, seguridad y racionalidad de la combinación a dosis fija (CDF) de dos hipoglicemiantes orales (Metformina* Glimepirida) en publicaciones biomédicas,2000-2012

    OpenAIRE

    Figueroa Salvador, Linder Juanito

    2014-01-01

    Difusión Total de la Tesis Objetivo: Analizar los resultados de eficacia, seguridad y racionalidad de la combinación a dosis fija (CDF) de dos hipoglicemiantes orales (metformina + glimepirida) en publicaciones biomédicas, 2000-2012. Método: Se usó un estudio cuantitativo, revisión documental y retrospectivo, en el cual la unidad de análisis y la muestra fueron los estudios clínicos controlados aleatorizados (ECCA) y número total de publicaciones biomédicas desde el 2000 – 2012 respectivam...

  10. Influencia de la cultura organizacional y la gestión educativa en la Universidad Peruana de Integración Global S.A.C.

    OpenAIRE

    Canales Aguilar, Sara Luz.

    2013-01-01

    La cultura organizacional es uno de los pilares fundamentales para apoyar a todas aquellas organizaciones que quieren hacerse competitivas por medio de una buena Gestión. Por ello, el punto central alrededor del cual gira la presente tesis, es el estudio de la cultura organizacional como ventaja competitiva en un contexto universitario. Además, de estudiar el cambio organizacional como piedra angular del mejoramiento continuo de las organizaciones, también se consideró relevante estudiar la i...

  11. RELACION EXISTENTE ENTRE EL CLIMA ORGANIZACIONAL Y LA SATISFACCIÓN LABORAL EN LOS TRABAJADORES DE LA CONSTRUCTORA JAST S.R.L, AREQUIPA 2012

    OpenAIRE

    LINAREZ BERLANGA, ELVIA ANITA

    2015-01-01

    CLIMA ORGANIZACIONAL CARACTERÍSTICAS DEL CLIMA ORGANIZACIONAL FUNCIONES DEL CLIMA ORGANIZACIONAL PROCESO DE FORMACIÓN CULTURA Y CLIMA ORGANIZACIONAL EL CLIMA ORGANIZACIONAL EN LAS EMPRESAS Y SU RELACIÓN CON LA TEORÍA RELACIONES INTERPERSONALES ESTABILIDAD Y CAMBIO SATISFACCIÓN LABORAL MOTIVACIÓN SATISFACCIÓN CON EL TRABAJO EN SI – RETO DEL TRABAJO INCENTIVOS - SISTEMAS DE RECOMPENSAS JUSTAS SATISFACCIÓN CON EL SALARIO CONDICIONES FAVORABLES DE TRABAJO LA SATISFACCIÓN LABORAL EN LAS EMPRESAS Y...

  12. El agente de cambio en el desarrollo de las organizaciones

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joaquín GAIRÍN SALLÁN

    2009-08-01

    Full Text Available RESUMEN: Los directivos desempeñan un papel crucial en el éxito de las reformas e innovaciones cuando actúan como agentes de cambio. La presente aportación caracteriza el agente de cambio, reparando en sus principales cualidades, capacidades y actitudes; también, destaca la importancia de una intervención que prime la visión global y estratégica frente a intervenciones parciales, gestione y lidere a la vez y asuma la necesidad permanente de aprender de la práctica. Las actuaciones de los agentes de cambio no acostumbran a desempeñarse en un escenario de facilidades y, a menudo, se encuentran con determinadas problemáticas y resistencias que dificultan la implantación de las mejoras institucionales pretendidas. En cualquier caso, avanzar en el desarrollo de organizaciones educativas exitosas exige otorgar a los agentes de cambio un cierto liderazgo capaz de contribuir al desarrollo de las mismas.ABSTRACT: Directors play a crucial role in the success of reforms and innovations when they act as agents of change. This contribution characterises agents of change, examining their main qualities, capacities and attitudes; it also highlights the importance of an intervention that rewards a global and strategic vision, as opposed to biased interventions, that manages and leads at the same time and that assumes the permanent need to learn from experience. The actions of agents of change do not tend to take place in easy scenarios, and often encounter certain problems and resistances that make it hard to implant the institutional improvements being sought. In whatever case, advancing the development of successful educational organisations requires granting agents of change a certain leadership that is able to contribute to the development of the same. Finally, the confluence between curricular development, organisational development and professional development in efficiency and improvement processes at education centres reminds us of the

  13. Imagem organizacional: um estudo de caso sobre a PUC Minas.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre de Pádua Carrieri

    2008-06-01

    enquanto objeto de estudo, utilizou-se como estratégia metodológica a pesquisa qualitativa, com a análise de conteúdo. O trabalho foi realizado em duas etapas: entrevistas com os gestores da Universidade e pesquisa de campo com segmentos de públicos de interesse tais como: professores e alunos de escolas de segundo grau, alunos de graduação e profissionais de recursos humanos. Observou-se que novas formas de relacionamento entre a organização e seus públicos de interesse foram criadas. Foram também implantados novos meios de comunicação – mais modernos, ágeis e editorialmente trabalhados – e estruturados novos processos de comunicação e interlocução, oportunizando melhor controle para a alta administração, da imagem da sua Universidade. Palavras-chave: Estudos organizacionais; imagem organizacional; universidade Abstract This research has purpose know a little more about corporative image, considering its importance to management of organizations in current context of higher competition and greater demand. This study came from the configuration of the culture and identity of organization, foreseeing those items as fundamentals to definition of any institution’s image. Taking the Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais - PUC Minas – as object of study, the content analysis was carried out through a qualitative research - the employed methodological strategy. The work was conducted in two stages: (I interviews with managers, and (II field research with public segments, such as professors and high school students, undergraduate students, and HR professionals. By way of installing innovative, modern, agile and skillfully edited communication channels, new means of relationship were created among the organization and its stakeholders. Those original processes of communication and dialogue further enhanced the control of the university’s public image by its higher administration. Keywords: Organizational studies, organizational

  14. Uma metodologia multicritério (MCDA-C para apoiar o gerenciamento do capital intelectual organizacional.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandra Rolim Ensslin

    2008-12-01

    Full Text Available Nas duas últimas décadas, o capital intelectual (CI emergiu como fator crucial paraa competitividade organizacional. Nesse contexto, a necessidade do gerenciamentodo CI tem sido destacada na literatura, por meio de abordagens para sua avaliação.Reconhecendo as vantagens dessas abordagens, Schnorrenberger (2005 e Enssline Dutra (2007 apontam sua limitação em não atender, simultaneamente, às trêsetapas do gerenciamento do CI: identificação, avaliação e recomendação de aperfeiçoamento.O objetivo deste trabalho, de caráter exploratório, consiste em construirum modelo de avaliação do CI que englobe seu gerenciamento utilizando ametodologia multicritério para apoio à decisão – construtivista (MCDA-C. Argumenta-se que a proposta conseguiu cumprir a tarefa de identificar os 57 elementosque respondem ao CI da organização pesquisada, avaliando e integrando todos oselementos, possibilitando uma visão global do desempenho e identificando os elementosdo conhecimento como os principais responsáveis pelo desempenho nãocompetitivoda organização.

  15. As mídias digitais online no contexto da comunicação organizacional das bibliotecas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tiago Eloy Zaidan

    2016-09-01

    Full Text Available O presente artigo empreende uma revisão de literatura a respeito das novas tecnologias da comunicação disponíveis na internet e tem por objetivo apresentar as potencialidades de tais ferramentas no contexto da comunicação organizacional das bibliotecas. O trabalho versa sobre: aspectos relacionados à importância de se monitorar a internet; o website enquanto instrumento de comunicação institucional de uma biblioteca; o uso de tecnologias virtuais para fins de atendimento online a usuários remotos, e as plataformas de suporte às redes sociais, sobretudo o blog, o microblog, as redes sociais de relacionamento e as plataformas de compartilhamento de vídeo. Embora muitos dos recursos sejam gratuitos e possuam interface amigável, a utilização das ferramentas têm se dado de forma ineficiente e sem levar em consideração o atributo da interação.

  16. A Consultoria Interna de Recursos Humanos como Prática Catalisadora da Gestão do Conhecimento Organizacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dante Marciano Girardi

    2009-09-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.5007/2175-8077.2009v11n25p151   Este artigo objetiva analisar a contribuição da Consultoria Interna de Recursos Humanos para a Gestão do Conhecimento nas indústrias catarinenses de grande porte. Os procedimentos metodológicos seguiram a linha qualitativa, por meio da pesquisa descritiva e aplicada. Foram entrevistadas sete das maiores empresas catarinenses em número de funcionários. Utilizou-se análise documental e de conteúdo. Quanto aos resultados, a consultoria interna auxilia principalmente nas etapas de socialização e externalização do conhecimento. Além disso, se implementada na sua totalidade e dada autonomia ao consultor interno, permite uma maior interação nos níveis individual, grupal e organizacional descritos por Sabbag (2007. Assim, pode-se perceber que as empresas que possuem maior grau de autonomia, bem como maior nível de implementação são aquelas que os processos são mais compartilhados, socializados e internalizados pelos funcionários. Dessa forma, pode-se afirmar que, nas empresas analisadas, o desenvolvimento dos processos de CIRH catalisa os resultados da Gestão do Conhecimento nas mesmas.

  17. PERCEPÇÃO DOS GESTORES EM RELAÇÃO AO PRINCÍPIO DA CONTROLABILIDADE PARA O ALCANCE DA JUSTIÇA ORGANIZACIONAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ilse Maria Beuren

    Full Text Available RESUMOO princípio da controlabilidade propõe que os gestores somente devem ser avaliados com base em elementos controláveis, no pressuposto de que a neutralização dos itens incontroláveis na avaliação de desempenho leva a uma maior satisfação, por ocasionar uma avaliação mais justa. Assim, este estudo objetiva averiguar a percepção dos gestores em relação ao princípio da controlabilidade para o alcance da justiça organizacional. Para tal, pesquisa descritiva com abordagem quantitativa foi realizada a partir de um levantamento junto as 150 Melhores Empresas para Você Trabalhar, conforme a revista Você S/A, de 2011, em que se obteve uma amostra de 63 respondentes. De modo geral, as análises do estudo mostram que o efeito da aplicação do princípio da controlabilidade sobre o desempenho dos gestores nas empresas pesquisadas não é direta e que não leva a um aumento da percepção de justiça organizacional. Os resultados da pesquisa mostram que das hipóteses testadas somente há relação entre o princípio da controlabilidade e a justiça processual. Conclui-se que entre os gestores pesquisados parece não haver uma preocupação com a neutralização dos fatores incontroláveis, o que indica a necessidade de mais pesquisas no que diz respeito à aplicação do princípio da controlabilidade na avaliação de desempenho dos gestores.

  18. Cultura e clima organizacional para segurança do paciente em Unidades de Terapia Intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thaiana Helena Roma Santiago

    2015-12-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo Avaliar a percepção dos profissionais de saúde sobre o clima e a cultura de segurança do paciente em Unidades de Terapia Intensiva (UTI e a relação entre os instrumentos Hospital Survey on Patient Safety Culture (HSOPSC e o Safety Attitudes Questionnaire (SAQ. Método Estudo transversal realizado em hospital de ensino no interior do estado de São Paulo, Brasil, em março/abril de 2014. Aplicaram-se o HSOPSC, o SAQ e um instrumento para levantamento das informações sociodemográficas e profissionais aos funcionários das UTI adulto, pediátrica e neonatal. A análise utilizou a estatística descritiva. Resultados As escalas apresentaram boa confiabilidade. Maiores fragilidades para a segurança do paciente foram observadas nos domínios “condições de trabalho” e “percepções da gerência” do SAQ e “resposta não punitiva aos erros” do HSOPSC. As fortalezas no SAQ foram o “clima de trabalho em equipe” e a “satisfação no trabalho” e para o HSOPSC “expectativas e ações de promoção de segurança supervisores/gerentes” e “aprendizado organizacional e melhoria mútua”. Na UTI Neonatal houve maior satisfação no trabalho do que nas demais UTI. A UTI Adulto apresentou menores pontuações para a maioria dos domínios do SAQ e HSOPSC. A correlação entre as escalas foi de força moderada (r=0,66. Conclusão Há diferenças de percepções quanto à segurança do paciente entre as UTI, o que corrobora com a existência de microculturas locais. O estudo não demonstra que o SAQ e o HSOPSC sejam equivalentes.

  19. Etnicidad y desarrollo en el Altiplano las organizaciones mayas de desarrollo de Guatemala

    OpenAIRE

    Jordi Sánchez, Ángel Mario

    2003-01-01

    El presente trabajo de tesis doctoral se ocupa del análisis del modelo de desarrollo puesto en práctica por una serie de organizaciones indígenas ubicadas en el occidente de Guatemala. El estudio de dicho modelo (que hemos calificado como de etnodesarroll

  20. Organizaciones y Problemas Sociales. Una aproximación sistémica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juan Pablo Gonnet

    2011-09-01

    Full Text Available Este trabajo indaga teóricamente acerca de las relaciones entre organizaciones y problemas sociales (problemasde la sociedad. Una observación constante en los estudios sociológicos sobre la materia ha sido la distorsiónentre fines y acciones organizacionales. Es decir, las organizaciones en su actividad y operación dejande lado la finalidad (resolución de la problemática para la que habían sido constituidas bajo criterios deauto-reproducción. Dada la generalidad de estos resultados, nos interesamos por reflexionar teóricamentesobre los supuestos que se encuentran detrás de este modo de observar a las organizaciones (sus condicionesde posibilidad. Con este fin, presentamos tres estudios de caso de organizaciones dedicadas al tratamientode problemas sociales. A partir de estos procedemos a analizar los modos de observación que están vinculadosa la evaluación de la relación organización-problema social. Finalmente, desde la teoría de los sistemassociales (Luhmann, proponemos una forma diferente de analizar y conceptualizar la mencionada relación.

  1. Liderazgo y clima organizacional : estudio de una muestra del sector servicios

    OpenAIRE

    Martínez Borba, Beatriz

    2014-01-01

    Se realiza una revisión bibliográfica y una posterior investigación sobre los estilos de liderazgo y el clima organizacional. Se describen y explican sus puntos más relevantes y la relación que existe entre los dos conceptos.

  2. La estructura de las organizaciones educativas y sus múltiples implicaciones

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Isabel Cantón Mayo

    2003-01-01

    Full Text Available El estudio de los centros educativos en el marco general de la teoría de las organizaciones ha permitido grandes avances en su conocimiento científico, en formas de abordar su estudio y en las investigaciones que se generan sobre las escuelas entendidas desde la perspectiva genérica organizacional y desde la perspectiva específica por ser organizaciones que educan. En este artículo se presentan y estudian nuevas formas estructurales que permitan aplicar, conocer y utilizar sus ventajas e innovaciones en los centros educativos, al servicio de una mejor calidad en la educación que se imparte en ellos, en la idea de proporcionar una mejor alineación con el entorno en el que están inmersos y en la dinámica cambiante de la sociedad del conocimiento. Desde las formas estructurales más tradicionales como la organización formal e informal, a las más innovadoras como la organización en red, en trébol, adhocrática, etc. pueden dar una visión de los nuevos modelos emergentes en las organizaciones educativas.

  3. PNL... Una estrategia para la gestión de organizaciones de excelencia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Yanyn Rincón Quintero

    2006-09-01

    Full Text Available La presente investigación tiene por objeto analizar la relevancia que tiene el conocimiento y manejo efectivo de la Programación Neuro Lingística (PNL como estrategia de comunicación tanto para individuos para organizaciones; fundamentando su importancia en una combinación de técnica y arte sobre bases cognoscitivas; con miras a impulsar patrones de conducta idóneos para lograr objetivos y metas que orienten la autorrealización personal en organizaciones de excelencia generando la sinergia de equipos estratégicamente estructurado. El estudio se realizó a partir de una metodología descriptiva de carácter exploratorio; tipificada como no experimental, documental descriptiva; empleándose la observación descriptiva y el análisis de contenido como técnica para la recolección y tratamiento de información. Mediante el estudio se pudo concluir que la Programación Neuro Lingística genera en individuos y organizaciones el verdadero conocimiento y control de sus emociones impulsando un equilibrio en su comportamiento individual y organizacional.

  4. 'Acoger al extranjero' y la cooperación de ACNUR con las organizaciones confesionales

    OpenAIRE

    Riera, José; Poirier, Marie-Claude

    2014-01-01

    Desde su creación en 1950, ACNUR ha colaborado con organizaciones confesionales, comunidades basadas en la fe y líderes de comunidades basadas en la fe para llevar a cabo su labor. Últimamente, ACNUR ha estado analizando más detenidamente el papel de la religión en las respuestas humanitarias.

  5. Pesquisa de clima organizacional em empresas de desenvolvimento de software de Blumenau – SC

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Simone Cristina Aléssio

    2010-08-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho é estudar a influência das variáveis que compõem o Clima Organizacional em ambientes de desenvolvimento de software do município de Blumenau, SC, com o propósito de analisar as relações existentes nestes ambientes de trabalho. Parte-se do pressuposto de que as pessoas são as figuras mais importantes em uma organização, e o modo como se sente é fundamental para o equilíbrio de todos. Por isso, enfoca-se bastante a questão da cultura organizacional, que influencia diretamente o comportamento individual e coletivo dos colaboradores, sendo determinante no Clima Organizacional. Para isso, foi realizada uma pesquisa, levando-se em consideração fatores internos e externos que podem ter influência sobre o Clima Organizacional. Utilizou-se um questionário com 55 perguntas, retiradas do modelo de Carlos Alberto Ferreira Bispo (2006, aplicado em 12 empresas, das 20 selecionadas.

  6. GESTIÓN DE LA COMPLEJIDAD ORGANIZACIONAL EN LAS EMPRESAS FAMILIARES VENEZOLANAS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Migdlys del Carmen González Marín

    2016-04-01

    Full Text Available Esta investigación presenta como objetivo analizar la Gestión de la Complejidad Organizacional en las Empresas Familiares Venezolanas, con este propósito se realizó un estudio de tipo documental con un nivel descriptivo, para ello se llevó a cabo una revisión bibliográfica que permitió analizar la gestión de la complejidad organizacional, aspecto relevante en las empresas familiares, a fin de mejorar el desarrollo y productividad organizacional. En este sentido, se destaca la revisión de teorías, tales como, Teoría del Caos (1960, Morín (2006, entre otros. Entre las principales conclusiones destaca que las empresas familiares requieren establecer nuevos conceptos en la gestión empresarial; tales como, aplicación de las Tics, innovación, creatividad; exigiendo una constante reingeniería organizacional mejorando la competitividad y los resultados empresariales. Es así como, desde una visión prospectiva las empresas familiares puedan presentar problemas, asociadas a insuficiencias en los modos de gestión y a la influencia de un entorno complejo

  7. La innovación como accionante del emprendimiento en las organizaciones

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    María de los Angeles Briceño Moreno

    2009-04-01

    Tales dinámicas, exigen culturas corporativas humanizadas y eficientes que se conviertan en escenarios propicios, para el desarrollo de propuestas emprendedoras que posteriormente alcancen independencia y autonomía de las organizaciones de las cuales surgieron, hasta obtener sostenibilidad y competitividad para establecer nuevas condiciones en los mercados en que participan.

  8. Los indicadores lingüísticos: un factor para medir capital intelectual en las organizaciones

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juan Carlos Vergara Silva

    2002-07-01

    Full Text Available Se plantean las formas de interactuar con el lenguaje en la organización. Los avances en la lingüística cognitiva permiten no solo relacionar la cognición y el lenguaje de la organización, sino además, analizar el discurso organizacional que han construido las personas sobre su empresa

  9. CLIMA ORGANIZACIONAL EN PROFESORES INVESTIGADORES DE UNA INSTITUCIÓN DE EDUCACIÓN SUPERIOR

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    María del Carmen Sandoval Caraveo

    2013-01-01

    Full Text Available El objetivo de esta investigación fue determinar la percepción del clima organizacional en el personal docente investigador perteneciente a los cuerpos académicos, es decir, grupos de investigadores que cultivan una o más líneas de generación y aplicación del conocimiento. El estudio se realizó en la Universidad Juárez Autónoma de Tabasco, México. Obedece a que el profesorado se encuentra supeditado a una serie de evaluaciones de sus actividades académicas que repercuten en un clima organizacional en deterioro. La investigación es cuantitativa descriptiva y correlacional, el diseño es no experimental transeccional. Se aplicó un cuestionario de manera directa a una muestra estratificada de la población para medir el constructo en el contexto de la educación superior. Los resultados reportan que el 24% de la población percibe un clima organizacional altamente favorable y el 27% no favorable. Se concluye de manera general que las dimensiones que reportan los valores más bajos son la de interés por la investigación y el estudio y la presión laboral. Sin embargo, la percepción del clima organizacional no es igual en todas las Divisiones Académicas de la Universidad.

  10. Acciones de promoción de la salud organizacional y su relación con variables estructurales y el bienestar de los trabajadores: análisis desde un modelo de organizaciones saludables

    OpenAIRE

    Ardila Becerra, Adriana; Pineda Castro, Carolina

    2013-01-01

    El bienestar de los trabajadores es un imperativo categórico para las organizaciones tanto por razones éticas como por razones de competitividad. La creación de organizaciones o entornos laborales que promuevan el bienestar de los trabajadores constituye un gran reto para las organizaciones y un ámbito de estudio académico. En el presente artículo se describe la relación que existe entre un conjunto de factores organizacionales y su impacto en el bienestar de un grupo de trabajadores, expresa...

  11. TEORIAS ORGANIZACIONAIS E O DILEMA AMBIENTAL: UM TRATAMENTO PARA A MUDANÇA ORGANIZACIONAL? [doi: 10.5329/RECADM.20050402007

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cleber J. C. Dutra

    2005-11-01

    Full Text Available Normal 0 21 false false false PT-BR X-NONE X-NONE MicrosoftInternetExplorer4 Resumo Este é um ensaio reflexivo dirigido à análise de limitações de Teorias Organizacionais na abordagem da temática ambiental.  Propõe-se um dilema hipotético como exercício de análise, objetivando destacar inconsistências entre os enfoques das teorias para caracterizar o  "ambiente".  As limitações podem refletir-se como problemas para integração de múltiplas visões parciais do ambiente, gerando interações deficientes entre os envolvidos com as questões ambientais.  Ao destacar fundamentos relacionais importantes para a gestão, são dedicadas considerações quanto ao uso alternativo de propostas conceituais ainda não devidamente dedicadas ao assunto, como o caso das teorias da Mudança Organizacional.  Uma revisão dos artigos publicados com enfoque ambiental nos EnANPADs entre 1997 e 2004 confirma o caráter inédito desta alternativa de abordagem.   Palavras-chave: Gestão  Ambiental;  Mudança Organizacional;  Teorias Organizacionais.   Abstract This is a reflexive essay addressed to the analysis of the limitations of Organisational Theories on approaching environmental subjects.  It proposes a hypothetical dilemma as an analytical exercise, intending to highlight inconsistencies among the approaches of Theories when defining  “the environment”.   The limitations can render the integration of multiple partial visions of the environment highly problematic, resulting in deficient interactions between people involved in environmental issues.  Discussing valuable relational fundamentals to the managerial praxis, the essay evaluates the alternative use of conceptual propositions still not applied to the subject, such as the theories on Organisational Change.   To support this claim of originality in the approach, the essay presents results of a review of EnANPAD papers published on environmental issues from 1997 to 2004.

  12. Cultura organizacional no setor público: um estudo junto a um departamento administrativo de uma universidade federal brasileira Organizational Culture In The Public Administration: A Study In Administrative Department Of Brazilian Federal University

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Evandro Dotto Dias

    2011-12-01

    Full Text Available The organizacional culture is a complex subject and that constantly it comes being studied for specialists and researchers of the whole world, for the fact of its relevance in the understanding of the functioning of the organizations. However, this type of study not yet total was spread out in the Brazilian public organizations, mainly in federal universities. Therefore, the present work has as objective generality to identify to the organizacional culture under the personal and institucional points of view in an managemental department of the Federal University of Saint Maria, through a comparison with four deuses Greek (Zeus, Apolo, Atena and Dionísio that they reflect the form as the politics and strategies in an organization are lead, according to Handy study (1994. By means of a survey carried through with the employees of the related department, the gotten results had allowed the conclusion of that it has the predominance of the organizacional culture of the Apolo type in the institucional optics and of the Atena type in the personal optics, where a made comparative degree enter the predominant characteristics in each one of these cultures showed a divergence enter the yearnings of the collaborators and the form as the organization acts day-by-day in its, as the points boarded for the research and presented in the analysis of the results.A cultura organizacional é um tema complexo e constantemente em estudo por especialistas e pesquisadores de todo o mundo, pela sua relevância na compreensão do funcionamento das organizações. No entanto, esse tipo de estudo ainda não foi totalmente difundido nas organizações públicas brasileiras, principalmente em universidades federais. Por isso, este trabalho tem como objetivo geral identificar a cultura organizacional sob os pontos de vista pessoal e institucional em um departamento administrativo da Universidade Federal de Santa Maria, através de uma relação com os quatro deuses gregos

  13. Discurso Organizacional como Manifestação de Poder: um estudo com executivos de empresas modernasOrganizational Discourse as a Demonstration of Power: a study with executives of modern companiesEl Discurso Organizacional como Manifestación de Poder: un estudio con ejecutivos de empresas modernas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    SIQUEIRA, Marcus Vinícius Soares

    2008-12-01

    Full Text Available RESUMOEste artigo descreve a relação do executivo com o discurso organizacional da empresa moderna a partir do seu discurso formal: como o executivo interfere na sua construção, como ele se sujeita, e como ele contribui para a adesão do sujeito ao discurso organizacional. Fundamentada nos conceitos de sedução, fascínio e servidão voluntária e trabalhando na instância mítica, esta pesquisa apresenta uma nova leitura do imaginário moderno e do discurso organizacional. A metodologia empregada foi de pesquisa qualitativa por meio de entrevistas semi-estruturadas com executivos de duas empresas modernas, líderes em suas organizações, que foram submetidas à categorização e à análise de discurso. Como resultado, foram apresentadas as descrições das relações dos executivos com os seus discursos organizacionais por meio de três categorias: submissão à vontade do dono, os preciosos recursos humanos e a supervalorização dos próprios predicados. Algumas das conclusões obtidas revelam que o executivo contribui para a construção do discurso organizacional, sujeitando-se de forma voluntária, simplesmente porque é favorável; assim como, pela mesma razão, contribui efetivamente para a adesão dos seus empregados, que ocorre por habitualidade, pelo comprometimento e pelo sonho do sucesso.ABSTRACTThis article describes the relationship between the executive and the organizational discourse of the modern company as it presents itself: how can the executive interfere with its creation, and the executive’s degree of acceptance and contribution in disseminating the organizational discourse amongst employees. Based on concepts of seduction, fascination, submission, and voluntary servitude and working in the mythical instance, this research presents a new reading of modern imaginary and organizational discourse. Methodology includes qualitative research of semi-structured interviews with executives of two modern companies, which

  14. APLICACIÓN DE ESTRATEGIAS DE MOTIVACIÓN PARA MEJORAR LA CULTURA ORGANIZACIONAL DE LOS DOCENTES DE LA I.E. 40696 SANTA MARÍA, PAUCARPATA, AREQUIPA 2011

    OpenAIRE

    APAZA PAUCAR, EVA PAULA

    2015-01-01

    CONCEPTOS DE MOTIVACIÓN Y DE ESTRATEGIAS MOTIVACIONALES CONCEPTO DE MOTIVACIÓN CONCEPTO DE ESTRATEGIAS DE MOTIVACIÓN ESTRATEGIAS DE MOTIVACIÓN ESTRATEGIAS DE AMOR Y PERTENENCIA ESTRATEGIAS DE AUTOESTIMA ESTRATEGIAS DE REALIZACIÓN PERSONAL CULTURA ORGANIZACIONAL TIPOS DE CULTURA ORGANIZACIONAL ELEMENTOS DE LA CULTURA ORGANIZACIONAL COMPONENTES DE LA CULTURA ORGANIZACIONAL IMPORTANCIA DE LA CULTURA ORGANIZACIONAL CLIMA INSTITUCIONAL COMPONENTES Y RESULTADOS DEL CLIMA INSTITUCIONAL FUNCIONES DE ...

  15. Panorama sobre los estudios de clima organizacional en Bogotá, Colombia(1994-2005

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diana Vega

    2006-01-01

    Full Text Available El interés por el estudio del clima organizacional ha crecido rápidamente durante los últimos años, ya que las organizaciones, a través de la implementación de sistemas gestión de calidad y la inclusión de dicho tema en los indicadores de gestión, la han asumido como uno de los elementos básicos para generar mejoramiento continuo. Así, el objetivo de este artículo es presentar el panorama de los estudios de clima organizacional(CO en Bogotá, D.C. (Colombia, hallados en 10 instituciones de educación superior y 2 bibliotecas públicas, de los años 1994 a 2005. Se revisaron 168 documentos, de los cuales se tomaron, como base para el presente artículo, 93 en psicología del trabajo y las organizaciones y áreas relacionadas con la gestión humana; de estos, a suvez, 67 son trabajos de grado (48 en pregrado y19 en postgrado, 11 artículos científicos y 15 libros. Esta revisión permitió identificar las diferentes definiciones, los autores más representativos citados en los trabajos consultados, los factores asociados al estudio del clima organizacional, los instrumentos utilizados para medirlo y el abordaje del tema que se hace desde diferentes disciplinas en el contexto objeto de estudio.

  16. Desarrollo organizacional. Una mirada desde el ámbito académico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alina María Segredo Pérez

    2016-01-01

    Full Text Available La sociedad moderna está obligada a competir dentro de un mercado cuya dinámica está pautada fundamentalmente por el desarrollo vertiginoso de la ciencia y la técnica. La clave de una gestión acertada en las organizaciones educacionales, fundamentalmente en los sistemas de salud, está en las personas que participan en ella; en la actualidad, los altos niveles de competitividad exigen nuevas formas de compromiso, de ver los hechos, de decidir y dirigir, de pensar y sentir, así como de gestionar las relaciones humanas en las organizaciones de una forma más efectiva. Los estudios del capital humano en la gestión académica cada vez cobran mayor importancia y están encaminados a hacer más eficientes los sistemas y procesos de gestión, ya que de esta forma se impulsa el rendimiento y desarrollo de la organización educacional. Por lo antes expuesto, es que este trabajo tiene el objetivo de reflexionar sobre el desarrollo organizacional dando una mirada desde el ámbito académico y destacando el papel que desempeña el capital humano en las organizaciones. Se concluye que la gestión del capital humano para el desarrollo organizacional en educación médica es necesario en busca del logro de una mayor calidad y pertinencia de los procesos que lleva a cabo la institución, lo que se convierte en condición indispensable en el mundo actual. En estos tiempos cambiantes en que los valores evolucionan rápidamente y los recursos se vuelven escasos, cada vez es más necesario comprender aquello que influye sobre el rendimiento de las personas en el trabajo.

  17. UN BREVE PANORAMA GENERAL SOBRE LAS INTERVENCIONES DE LOS SISTEMAS: ADELGAZAMIENTO DE LA ESTRUCTURA ORGANIZACIONAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Rodeiro

    2001-01-01

    Full Text Available Este documento tiene dos propósitos. Por un lado, se trata de revisar los diferentes enfoques hacia el problema del adelgazamiento de la estructura organizacional y sus efectos en el desempeño de una empresa. Es necesario prestar especial atención a la perspectiva socio-cognoscitiva propuesta por McKinley, Zhao y Rust (2000 y el enfoque de red seleccionado por Shah (2000 para comprender las perturbaciones que puede ocasionar el adelgazamiento de la estructura organizacional. Por otro lado, mi intención es contribuir a expandir la comprensión acerca del efecto de las intervenciones de los sistemas tanto en el desempeño de la empresa como en la conducta de cada persona. El cuerpo de esta revisión es el siguiente: Primero, comienzo por definir adelgazamiento de la estructura organizacional y hablar sobre las perspectivas que se usan para explicar los efectos del adelgazamiento (por ejemplo perspectivas económicas, institucionales y socio-cognoscitivas. Luego me desplazo hacia la literatura que trata sobre las consecuencias más comunes del adelgazamiento de la estructura organizacional, al igual que otros puntos de vista referentes a la relación entre a adelgazamiento y capacidad de aprendizaje organizacional, b adelgazamiento y entorno laboral para la creatividad, y c adelgazamiento y motivación laboral. Enseguida, considero las reacciones de los sobrevivientes a los procesos de adelgazamiento bajo una perspectiva de red. Finalmente, expongo algunas ideas para posterior investigación.

  18. As "confrarias" como um fenômeno organizacional brasileiro: uma reflexão sobre significados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis Claudio Miranda Mangi

    Full Text Available Apesar da grande quantidade de artigos acadêmicos sobre a importância dos grupos informais, produzidos nas últimas duas décadas, a maior parte dos estudos limitou-se à análise da influência das redes interorganizacionais na competitividade e na capacidade de mudança das empresas. Neste artigo, argumenta-se que os grupos informais são reproduções sociais do contexto onde estão inseridos, e que seu poder de influência precisa ser investigado numa perspectiva ampliada, interdisciplinar, onde o objeto possa ser analisado, simultaneamente, dos pontos de vista inter e intra-organizacional. Para isso, pretende-se realizar uma reflexão crítica sobre o fenômeno das "confrarias", as quais são vistas como grupos informais que emergem nas organizações a partir de valores socialmente construídos e compartilhados. O principal questionamento teórico é quanto à natureza dos valores e lógicas de ação compartilhados pelos seus participantes, dos recursos de poder de que dispõem e de como esses participantes utilizam tais recursos para atingir seus objetivos. É proposto um modelo analítico para explicar a dinâmica do processo de surgimento e legitimação das "confrarias", desenvolvido a partir dos mais recentes conceitos elaborados segundo a teoria institucional.

  19. Auditorias internas como fonte de informa??o para o conhecimento organizacional: estudo de caso em uma IFES

    OpenAIRE

    Santos, Ludinaura Regina Souza dos

    2012-01-01

    O objetivo geral desta pesquisa foi o de analisar como os processos de auditoria interna v?m se transformando em fonte de informa??o para o conhecimento organizacional em uma IFES. O marco te?rico foi estruturado em quatro partes: (1) discuss?o sobre conhecimento organizacional, (2) teoria da cria??o do conhecimento organizacional, (3) o controle da administra??o p?blica no Brasil e (4) auditorias internas governamentais. Quanto ? caracteriza??o da pesquisa, apresentou um aspec...

  20. Gestión con base en las ciencias de la complejidad: las organizaciones como estructuras disipativas.

    OpenAIRE

    Manuel Enrique Villalba Puerta

    2013-01-01

    Este texto explora el sentido y la posibilidad de introducir la teoría de Ilya Prigogine “estructuras disipativas” en el contexto de las organizaciones. La tesis aquí propuesta afirma que las organizaciones son sistemas abiertos, alejados del equilibrio y tiene que ver con posibilidades creativas, antes que con realidades fácticas. Por lo tanto, las organizaciones de no-equilibrio están constituidas por fenómenos de comportamientos espontáneos o coherentes que reclaman para sobrevivir cierta ...

  1. Clima organizacional y gestión pedagógica en la Red. Nro. 04 - Lima, 2014

    OpenAIRE

    Anicama Ley, Brígida Irma

    2015-01-01

    La presente investigación titulada: “Clima Organizacional y la Gestión Pedagógica en la Red N° 04 - Cercado de Lima, 2014”, tuvo como objetivo determinar la relación existente entre el Clima organizacional y la Gestión pedagógica. Esto como respuesta al problema: ¿Cómo se relacionan el Clima Organizacional y la Gestión pedagógica en la Red N° 04 - Cercado de Lima, 2014? La investigación se desarrolló bajo un diseño no experimental, correlacional, transversal, con enfoque cua...

  2. MOTIVAÇÃO ORGANIZACIONAL: RELAÇÃO COM O SUPORTE E O CONFLITO TRABALHO-FAMÍLIA

    OpenAIRE

    Cerutti, Priscila Sardi; Lopes, Rafael da Silva; Pauli, Jandir; Marcos, Tatiane Manfron; Görski, Francine Minuzzi

    2017-01-01

    A motivação é uma das virtudes que move indivíduos a realizarem tarefas que influenciam e estimulam comportamentos. O ambiente organizacional assume uma responsabilidade de oferecer suporte que estimule os trabalhadores a desenvolverem atividades em prol dos resultados planejados, sendo que existe uma parcela de contribuição influenciada pelo conflito trabalho-família nessa relação de motivação organizacional. Essa pesquisa teve como objetivo analisar a influência do suporte organizacional e ...

  3. Liderazgo y Clima Organizacional en un Colegio de Cundinamarca. Lineamientos Básicos para su Intervención

    OpenAIRE

    Contreras Rios, Doris Marcela; Jimenez Ayala, Luisa Fernanda

    2016-01-01

    El propósito de este estudio fue describir y analizar el liderazgo de los directivos y el clima organizacional presentes en un Colegio de Cundinamarca y con base en ello, plantear algunos lineamientos para su intervención. Para tal fin se desarrolló un estudio descriptivo, donde el liderazgo y el clima organizacional se midieron a través de dos instrumentos: el Test de Adjetivos de Pitcher (PAT) (Pitcher, 1997) y la Escala del Clima Organizacional (ECO) (Fernándes, 2008), respectivamente. ...

  4. Impacto del teletrabajo en la cultura organizacional : Intervenciones posibles desde el campo de la comunicación

    OpenAIRE

    Colombo, Diego

    2008-01-01

    El desarrollo de las organizaciones y del mundo del trabajo en las últimas décadas provocó un gran impacto en todos los estratos y dimensiones sociales, políticas y culturales. De la mano de las nuevas Tecnologías de la Información y la Comunicación (TICs) las organizaciones mutaron a nuevos modelos productivos, lo que supuso importantes cambios en sus estructuras internas. De esta manera hay dos elementos, desde mi punto de vista claves, para entender a las organizaciones actuales: la comuni...

  5. Las organizaciones de enfermería como sistemas complejos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Caro Castillo Clara Virginia

    2002-10-01

    puntos de partida, el pensamiento del ser humano como dinamizador de los procesos y contra procesos complejos y simples, en la construcción de conocimiento sobre la realidad. Estudios investigativos como los de Erdmann, Meirelles e Pradebon, indican caminos para aprender de la realidad organizacional del trabajo de enfermería, el ejercicio del pensamiento complejo en la incertidumbre, en los límites tenues, en la heterogeneidad, la diversidad y el pluralismo de los fenómenos en su apariencia, en las interacciones y asociaciones. La intersubjetividad señala una nueva concepción de espacialidad y de temporalidad. La configuración de un sistema de cuidados de enfermería visualiza variadas dimensiones del cuidado: el cuidar de sí, el cuidar de sí junto con el otro, el ser cuidado por el otro, el sentir y el proceso del sistema personal de cuidado, el cuerpo por si mismo como núcleo del cuidado, el ser/estar en el sistema de relaciones múltiples de cuidado, y el cuidado con la naturaleza integrándose con los demás seres y sistemas sociales/naturales, fortaleciendo el sentimiento de pertenencia en busca de una mejor sobrevivencia, vitalidad, vida ... civilidad humana.

  6. Uma abordagem organizacional do stress: relato de uma pesquisa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandra Cristina M. Cayres

    1991-08-01

    Full Text Available The objective of this work was to propose a new alternative for the Teaching Practicum in Psychology which could provide better experiences for the licentiate student in the Educational field in terms of quality and in regards to the community needs. The methodology of this work consisted of planning, accomplishing and evaluating the extension courses and events of 20 or 30 hours taught by the Licentiate students to Primary and Secondary school students, teachers of preschool and primary school, nursery employees and the community in general. The results showed that in a significantly higher proportion the licentiate students considered, the experience in Teachining Practicum and the contribution of it to his/her professional career to be excellent. The clientele, as a whole, evaluated positive/y the quality of the courses and the range of the proposed objectives. It was concluded that the new alternative has brought new improvement to the Teaching Practicum, providing an integration of students of Higher Education with the primary and secondary teaching and the community in general, in favor of the knowledge democratization.Este artigo tem como objetivo relatar uma experiência junto a uma organização estatal, e numa perspectiva organizacional, identificar fatores de stress, variáveis a ela relacionadas, bem como seus sintomas. A população alvo consistiu em 28 sujeitos, pesquisadores de nível de escolaridade superior e de classe econômica média alta. Fundamentada em uma visão interacionista do stress (Lazarus, 1966 e Sells, 1970 a investigação foi delineada a partir do equacionamento de três níveis de variações: a variáveis ambientais (fatores de trabalho e organizacionais: b variáveis individuais (avaliação cognitiva e traço de ansiedade; c sintomas a nível psicológico, comportamental e fisiológico. Para a coleta de dados foram utilizados os S8guintes instrumentos: I.D.A.T.E. (Inventário de Auto - Avaliação para

  7. Cultura organizacional: sinergias e alergias entre Hofstede e Trompenaars

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Pacheco Lacerda

    2011-10-01

    Full Text Available Entre os diferentes elementos a serem considerados na gestão atualmente, os aspectos culturais têm se colocado na centralidade das discussões organizacionais. Essa posição deriva do fato de que a vantagem competitiva sustentável se origina da compreensão, respeito e utilização das diferenças de hábitos, práticas, pontos de vistas e competências. Empresas com atuação local ou global precisam atentar para as características oriundas de seu capital humano. O presente trabalho busca apresentar algumas evidências das implicações culturais a partir do prisma das dimensões culturais. Para isso é realizada uma breve revisão sobre o tema, em seguida são discutidas algumas repercussões para as organizações.

  8. COMUNIDADES VIRTUAIS COMO POTENCIALIZADORAS DE CRISES DE IMAGEM ORGANIZACIONAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luís Henrique Rauber

    2007-01-01

    Full Text Available O presente artigo propõe discutir a importância do uso das comunidades virtuais na atualidade e sua relação com as crises de imagem nas organizações. Entendendo que o público usuário das marcas (cliente-consumidor, a partir do contato e da possibilidade de interação com estas comunidades virtuais, pode opinar e, também, receber informações sobre os produtos e serviços (sejam estas positivas ou negativas, estabelecer-se-ão exemplos de como isso ocorre, mencionando a comunidade virtual oficial da Coca-Cola na rede social Orkut. PALAVRAS-CHAVE: Comunidades virtuais. Crises de imagem. Rede social. Publicidade. Coca-Cola.

  9. ESTRUTURA ORGANIZACIONAL E GESTÃO DO CONHECIMENTO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edoardo Perrotti

    2005-11-01

    -style-type:export-only; mso-default-props:yes; font-size:10.0pt; mso-ansi-font-size:10.0pt; mso-bidi-font-size:10.0pt;} @page Section1 {size:612.0pt 792.0pt; margin:70.85pt 3.0cm 70.85pt 3.0cm; mso-header-margin:36.0pt; mso-footer-margin:36.0pt; mso-paper-source:0;} div.Section1 {page:Section1;} -->

    Resumo

    Determinar quais os efeitos dos critérios de departamentalização em estruturas organizacionais na geração e disseminação do conhecimento é o objetivo principal proposto nesta pesquisa. Para isto há necessidade de entender como o conhecimento e as informações circulam dentro das organizações, quais tipos de conhecimento são estes, quais processos são utilizados para disseminação dos novos conhecimentos adquiridos, como são gerados os conhecimentos nas organizações, como a empresa está estruturada, dentre outros temas relevantes para o estudo. Com os dados gerais obtidos através da aplicação das entrevistas, foi elaborada uma análise qualitativa para detecção de correlação efetiva entre questões e variáveis. O presente estudo permitiu concluir que a Estrutura Organizacional pode ter efeito substancialmente positivo sobre a Gestão do

  10. Relación entre marketing interno y compromiso organizacional en Centros de Desarrollo Tecnológico colombianos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diana L. Araque Jaimes

    2017-01-01

    Full Text Available La presente investigación identifica la relación que existe entre el marketing interno y el compromiso organizacional en dos Centros de Desarrollo Tecnológico colombianos. El método de investigación utilizado es cuantitativo correlacional no experimental, el cual se aplica sobre una muestra constituida por 100 empleados de dos corporaciones ubicadas en el municipio de Piedecuesta (Colombia, a quienes se les aplica el Cuestionario de Marketing Interno de Bohnenberger y la traducción de la Escala de Compromiso Organizacional. Los resultados demuestran la existencia de una relación positiva moderada y significativa entre el marketing interno y el compromiso organizacional; igualmente se determina que el componente afectivo del compromiso organizacional es el que mayor respuesta tiene a las prácticas de marketing interno.

  11. Fases para el diseño y análisis de la Cadena de Valor en las organizaciones en las organizaciones

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Emilio García Vega

    2010-07-01

    Full Text Available La generación de valor es un tema fundamental en la gestión de las organizaciones debido a que permite la satisfacción de los consumidores, la dinámica frente a la competencia y la retribución a los dueños o accionistas. Su tratamiento responde tanto al mundo académico como al empresarial; es decir, a docentes, investigadores, ejecutivos y responsables de las empresas, ya sean estas micro, pequeñas, medianas o grandes. Si bien existen diferentes aproximaciones al tema, este trabajo buscará desarrollar un acercamiento desde el punto de vista competitivo y mediante la cadena de valor, debido a que esta puede ser considerada como una herramienta válida para diseñar y analizar cómo las organizaciones generan valor. Asimismo, esta investigación trata de presentar la evolución de la generación de valor, partiendo de los modelos clásicos de McKinsey & Company y de Michael Porter. Luego, se presentan algunos planteamientos y aportes a la cadena de valor de diferentes autores y desde diversos puntos de vista, hasta tener cercanía a la actualidad, de modo que se pueda contar con una serie de ideas adicionales, las cuales el autor considera relevantes para afrontar el diseño y análisis de la mencionada cadena. Finalmente, sobre la base del aporte capital del citado profesor de la Universidad de Harvard, se presenta una serie de recomendaciones para la aplicación estratégica de la cadena de valor en la gestión de las organizaciones actuales, las cuales están organizadas en nueve fases (fases para el diseño y análisis de la cadena de valor.

  12. Influência do clima ético sobre o comprometimento organizacional dos servidores de uma universidade federal

    OpenAIRE

    Alexandre Severino Pereira; Cristianne Pereira Cunha; Júlio Cesar Pompeu

    2016-01-01

    O objetivo deste estudo foi verificar se o clima ético influencia o comprometimento organizacional de servidores de uma universidade federal. Para tanto foi realizada uma pesquisa exploratória de abordagem quantitativa em que foi aplicado um questionário a 248 servidores. O instrumento foi formulado a partir de escalas internacionalmente reconhecidas e continha assertivas sobre clima ético e comprometimento organizacional. Os dados obtidos foram analisados com recursos de estatística descriti...

  13. Los tipos de cultura y su relación con la rotación organizacional

    OpenAIRE

    Fuchs, Rosa María; Torres, Carla

    2015-01-01

    La rotación de personal es una de las grandes preocupaciones del entorno empresarial. Uno de los factores que merece la pena estudiar para evitarla es la cultura organizacional. En este artículo se presenta una revisión de literatura y una propuesta de modelo que permitirán abordar aspectos clave en cuanto a la retención de personal a nivel organizacional.

  14. Los tipos de cultura y su relación con la rotación organizacional

    OpenAIRE

    Rosa María Fuchs; Carla Torres

    2012-01-01

    La rotación de personal es una de las grandes preocupaciones del entorno empresarial. Uno de los factores que merece la pena estudiar para evitarla es la cultura organizacional. En este artículo se presenta una revisión de literatura y una propuesta de modelo que permitirán abordar aspectos clave en cuanto a la retención de personal a nivel organizacional.

  15. Conservación preventiva y puesta en valor de acervos documentales de organizaciones locales en Valparaíso, Chile: el caso organizaciones deportivas

    OpenAIRE

    Herrera Paredes, Ángela

    2015-01-01

    Resumen En Valparaíso, Chile, existen desde hace muchos años organizaciones locales de diversa índole, entre ellas, las deportivas, que gradualmente han generado un extenso material documental que da cuenta de sus actividades, logros y desarrollo. Esto, con el tiempo, se constituirá en un valioso patrimonio que dará cuenta de la evolución social, urbana y política tanto de la ciudad como del país. El presente REPORTE aborda la experiencia desarrollada por el Centro de Estudios y Conservación ...

  16. Clima organizacional y satisfacción laboral en Clima organizacional y satisfacción laboral en instituciones prestadoras de servicios de salud públicas

    OpenAIRE

    Salas Vilca, Yris Violeta

    2017-01-01

    La presente investigación tuvo como objetivo: Determinar la relación entre el clima organizacional y la satisfacción laboral en instituciones prestadoras de servicios de salud públicas, Lima, 2017. La investigación realizada fue de enfoque cuantitativo, de tipo básica, con un diseño no experimental – transversal – correlacional con dos variables. La población estuvo conformada por 420 profesionales de salud y la muestra fue 200. Se utilizó la encuesta como técnica de recopil...

  17. La influencia de la cultura organizacional y la capacidad de absorción sobre la transferencia de conocimiento tácito intra-organizacional

    OpenAIRE

    Máynez-Guaderrama, Aurora Irma; Cabazos-Arroyo, Judith; Nuño-De La Parra, José Pablo

    2012-01-01

    En este artículo se analiza la influencia de la capacidad de absorción y la cultura organizacional como factores requeridos para que la transferencia de conocimiento sea exitosa y eficiente. La investigación fue de naturaleza cuantitativa, empírica y de sección transversal. La información se examinó, en una primera etapa, a través de un Análisis Factorial Confirmatorio (AFC), y posteriormente mediante un Sistema de Ecuaciones Estructurales basado en Covarianzas (CBSEM). Los resultados indican...

  18. ENVIRONMENTAL MANAGEMENT AND ORGANIZATIONAL STRUCTURE: MULTIPLE CASE STUDIES GESTÃO AMBIENTAL E ESTRUTURA ORGANIZACIONAL: ESTUDO DE MÚLTIPLOS CASOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Beatriz Lopes de Sousa Jabbour

    2013-01-01

    Full Text Available The main objective of this article is to analyze the insertion of environmental management in theorganizational structure of 9 Brazilian companies, in search of a better relationship with the environment.Further, we intend to show an agenda with research opportunities for future research in this area ofknowledge. A theoretical review of the relationship between environmental management and organizationalstructure was done. This theoretical review was the big picture to development of 9 case studies withISO14001 certified companies located in São Paulo State. The results show that: (a for all the cases,environmental management is under quality management area; (b only two companies adopt moreadvanced environmental management practices and these two companies have more complex organizationalstructure; (c only two companies have the environmental management structure named “matrix”, while theother companies have the type named “limited environmental management insertion”; (d it is possible todevelop a framework designed to understanding the process of greening organization to the 9 cases in study.Further these results, we designed a research agenda as a guide to future research initiatives.O objetivo deste artigo é analisar a incorporação da gestão ambiental na estrutura organizacional de nove empresas brasileiras, engajadas na busca pela melhoria do seu relacionamento com o meio ambiente.Adicionalmente, persegue-se o objetivo de delinear uma agenda de pesquisas futuras para  o tema. Para aconsecução desses objetivos, realizou-se uma fundamentação teórica sobre estrutura organizacional e suarelação com a gestão ambiental organizacional. Essa construção teórica serviu de pano de fundo para arealização de nove estudos de caso, em empresas com certificação ISO 14001, localizadas no Estado de SãoPaulo. Os resultados indicam que: (a a área de gestão ambiental tende a ser subordinada à área de qualidade;(b dentre as

  19. Desistência de cooperação em redes interorganizacionais: reflexões inspiradas na ação social weberiana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jose Lindenberg Julião Xavier Filho

    2015-12-01

    Full Text Available Estudos desenvolvidos acerca da cooperação interorganizacional enfatizam os motivos para se iniciar a cooperação, bem como o desenvolvimento de métricas para avaliar seus resultados, tendo os motivos da desistência pouca atenção teórica ou empírica. Nesse sentido, o objetivo do estudo reside em descrever a racionalidade subjacente aos motivos da desistência por parte de dirigentes de empresas no sentido de manter a participação em redes interorganizacionais. Para tanto, realizou-se uma revisão do tema desistência da cooperação e dos mecanismos de cooperação em redes interorganizacionais, bem como dos motivos ou tipos de racionalidade presentes em decisões no âmbito social com base na tipologia da ação social weberiana. A lógica dessa construção consiste em evidenciar os motivos elencados pela literatura nacional e internacional para a desistência e constituir uma base teórica para entender o tipo de racionalidade presente em decisões de desistência da cooperação. Foi construído e tratado, por meio da análise de conteúdo, um corpus contemplando artigos publicados em eventos e periódicos nacionais, dissertação e tese, perfazendo 10 estudos publicados entre 2003 e 2013. O procedimento para levantamento das obras contemplou consultas às bases scielo.org e periódicos Capes, efetuado por meio da seleção de estudos empíricos publicados no Brasil a respeito da temática desistência de cooperação. Como resultado, são evidenciados indícios tanto da presença da racionalidade formal instrumental quanto da racionalidade valorativa substancial nos relatos de desistência, destacando como seu motivo primordial o choque ou conflito cultural entre os participantes. Por essa evidência, as teorias que estudam a cultura devem ser adicionadas ao debate, em função de sua centralidade no entendimento de fenômenos relativos a tecnologias contemporâneas de gestão, complementando abordagens teóricas já utilizadas

  20. Abordagens sobre folga organizacional nas pesquisas publicadas em periódicos internacionais: um ensaio teórico APPROACHES TO ORGANIZATIONAL SLACK IN RESEARCH PUBLISHED IN INTERNATIONAL JOURNALS: A THEORETICAL ESSAY

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ilse Maria Beuren

    2011-04-01

    publicações em âmbito internacional, tendo como referência o termo folga organizacional. Os antecedentes de folga organizacional, num total de 43 artigos identificados, foram analisados segundo a classificação proposta por Sharfman et al. (1988, em três níveis de análise: indústria, organização e grupos de interesse. Os resultados do estudo mostram que as pesquisas sobre folga organizacional apresentam conceitos diversos e evolutivos e que as abordagens sobre inovação e estratégia são pontos-chave para as pesquisas relacionadas ao tema, pois foram as mais encontradas na literatura. Por outro lado, a mensuração desses tipos de folga de recursos ainda são pontos obscuros nas pesquisas desenvolvidas. Estudos como os de Cyert e March (1963, Bourgeois III (1981, Sharfman et al. (1988, Nohria e Gulati (1996 estão se ramificando para outros aspectos da organização. Assim conclui-se que pesquisas sobre definição de folga organizacional e de suas relações com aspectos do ambiente organizacional estão evoluindo e sinalizam discussões mais amplas em periódicos científicos internacionais.