WorldWideScience

Sample records for por mulheres nordeste

  1. Ruralidade e mulheres responsáveis por domicílios no Norte e no Nordeste Ruralness and Women Responsible for Households in the North and Northeast of Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Russell Parry Scott

    2007-08-01

    Full Text Available A comparação de mulheres como responsáveis de domicílios no Norte e no Nordeste revela efeitos de diferenciação de gênero e de histórias divergentes de migração. Como em todo o Brasil, essas mulheres têm mais instrução e menos renda que os homens responsáveis por domicílios. Fazem uso extensivo de ingressos da seguridade social, especialmente nas áreas rurais. Elas assumem mais a chefia ou quando são adolescentes, ou, muito mais, quando passam da idade de 45 anos. Recorrem mais intensivamente que homens às suas redes de relações ampliadas para inclusão de outros nas suas casas. No Norte, comparado com o Brasil e o Nordeste, com maior presença de imigração masculina, há menos mulheres chefes, em geral, e especialmente no campo. Relativamente, têm instrução superior à dos homens responsáveis. Nas suas casas há mais pessoas que nas de mulheres responsáveis em outras regiões. Só ocasionalmente moram sozinhas. No Nordeste, com uma história de emigração, as mulheres responsáveis são muito mais numerosas, em geral, com particular força no campo. A sua instrução não é tão superior à dos homens quanto à das mulheres no Norte. Elas residem sozinhas com mais freqüência e há pouca diferença no número de pessoas entre casas nas áreas urbanas e rurais.A comparison of women household heads in North and Northeast Brazil reveals effects of gender differentiation and divergent histories of migration. As in Brazil in general, women heads have more education and less income than male heads. They make extensive use of social security income, especially as a source of maintenance in rural areas. They take on headship either when adolescents, or, much more often, when over the age of 45. They include persons from their wider social networks much more than male heads do. Compared to Brazil in general and to the Northeast, the North, with a history of male immigration, has fewer women household heads in general, and

  2. Enfrentamento da violência infligida pelo parceiro íntimo por mulheres em área urbana da região Nordeste do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raquel de Aquino Silva

    2012-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever as formas de enfrentamento à violência física adotadas por mulheres agredidas por parceiro íntimo. MÉTODOS: Estudo transversal realizado na linha de base de estudo de coorte, com gestantes cadastradas no Programa Saúde da Família, entre julho de 2005 e março de 2006, em Recife, PE. Foram selecionadas 283 gestantes de 18 a 49 anos com histórico de violência física pelo parceiro de então ou mais recente antes e/ou durante a gestação. As entrevistas foram realizadas face a face, com questionário estruturado e pré-codificado, e realizou-se análise descritiva. Foi coletada informação sobre características sociodemográficas das mulheres, tipos e gravidade da violência física cometida pelo parceiro, formas de enfrentamento da violência, pessoas e serviços de apoio procurados pelas mulheres, motivos para a mulher ter alguma vez abandonado e retornado a casa em razão da violência. RESULTADOS: Das mulheres que sofreram violência física pelo parceiro íntimo, 57,6% conversaram com alguém, 3,5% procuraram ajuda institucionalizada, 17,3% conversaram e procuraram ajuda institucionalizada e 21,6% não procuraram nenhuma forma de ajuda. As pessoas mais procuradas foram os pais (42,0%, amigo/amiga (31,6% e irmão/irmã (21,2%. Os serviços mais procurados pelas mulheres foram: polícia/delegacia (57,6%, serviços de saúde (27,1% e instituições religiosas (25,4%. Relataram não ter obtido qualquer tipo de ajuda 44,8% das mulheres; 32,1% disseram ter saído de casa alguma vez na vida, pelo menos por uma noite, das quais 5,9% não retornaram a casa. Foram motivos para deixar a casa: a exacerbação da violência e o medo de ser morta; para o retorno: a esperança de mudança do parceiro e o desejo de preservar a família. CONCLUSÕES: Grande parte das mulheres que sofriam violência por parceiro íntimo buscou alguma forma de ajuda. A rede social primária (familiares e amigos foi a mais procurada pelas mulheres

  3. Associação entre violência por parceiro íntimo contra a mulher e infecção por HIV

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudia Barros

    2011-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a associação entre a violência por parceiro íntimo contra mulheres e a infecção ou suspeita de infecção pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV. MÉTODOS: Estudo transversal com base em dados de questionários aplicados face-a-face e de prontuários médicos de 2.780 mulheres de 15 a 49 anos, atendidas em unidades do sistema único de saúde da Grande São Paulo, SP, em 2001-2002. As mulheres foram categorizadas em: usuárias em tratamento por serem "soropositivas para o HIV", com "suspeita de HIV" e aquelas que procuraram os serviços por outros motivos. A violência por parceiro íntimo contra mulheres na vida foi categorizada por gravidade e recorrência dos episódios de violência. A associação com o desfecho foi testada pelo modelo de Poisson com variância robusta e ajustada por variáveis sociodemográficas, sexuais e reprodutivas. RESULTADOS: A prevalência de violência foi de 59,8%. Sofrer violência reiterada e grave apresentou maior associação de infecção confirmada pelo HIV (RP = 1,91. A violência independente da gravidade e da recorrência dos episódios apresentou maior associação para a suspeita de infecção por HIV (RP = 1,29. CONCLUSÕES: A violência por parceiro íntimo contra mulheres tem papel relevante nas situações de suspeita e confirmação da infecção pelo HIV, sendo essencial incluir sua detecção, controle e prevenção como parte da atenção integral à saúde das mulheres.

  4. Largada pelo marido! O estigma vivido por mulheres em Tianguá-CE

    OpenAIRE

    Moreira, Virginia; Guedes, Dilcio

    2007-01-01

    Este artigo descreve um estudo sobre a vivência de rompimento do casamento de mulheres deixadas por seus maridos. Teve como objetivo compreender como mulheres de Tianguá - CE - Brasil vivenciavam a ruptura da relação, descrevendo os fatores reconhecidos como agentes do rompimento da relação amorosa. A partir da experiência vivida morando em Tianguá, nossa hipótese era que essas mulheres vivenciavam o rompimento como uma experiência estigmatizada de desestruturação de sua vida pessoal. Utiliza...

  5. Determinantes do aborto provocado entre mulheres admitidas em hospitais em localidade da região Nordeste do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Walter Fonseca

    1996-02-01

    Full Text Available Com o objetivo de identificar os determinantes do aborto provocado entre mulheres admitidas por complicações decorrentes dos abortos, nos hospitais-maternidades públicos em Fortaleza, CE (Brasil foram entrevistadas 4.359 pacientes entre 1º de outubro de 1992 e 30 de setembro de 1993. Os dados foram coletados através de questionário estruturado. São apresentados os determinantes dos abortos provocados em 2.084 (48% mulheres classificadas como tendo induzido aborto. Dois terços (66% das mulheres relataram a indução do aborto com o uso isolado do Cytotec(R (misoprostol ou associado a outro meio abortivo. Os resultados indicam que, na população estudada, a indução do aborto é prática comum entre jovens, solteiras (ou que vivem sem um parceiro estável, de baixa paridade, com escolaridade incipiente e não-usuárias de métodos contraceptivos. Recomenda-se a realização de estudos que investiguem os conhecimentos relacionados a percepções, conceitos culturais do aborto, e às razões por que mulheres pobres fracassam na adoção de métodos de planejamento familiar.

  6. Determinantes do aborto provocado entre mulheres admitidas em hospitais em localidade da região Nordeste do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fonseca Walter

    1996-01-01

    Full Text Available Com o objetivo de identificar os determinantes do aborto provocado entre mulheres admitidas por complicações decorrentes dos abortos, nos hospitais-maternidades públicos em Fortaleza, CE (Brasil foram entrevistadas 4.359 pacientes entre 1º de outubro de 1992 e 30 de setembro de 1993. Os dados foram coletados através de questionário estruturado. São apresentados os determinantes dos abortos provocados em 2.084 (48% mulheres classificadas como tendo induzido aborto. Dois terços (66% das mulheres relataram a indução do aborto com o uso isolado do Cytotec(R (misoprostol ou associado a outro meio abortivo. Os resultados indicam que, na população estudada, a indução do aborto é prática comum entre jovens, solteiras (ou que vivem sem um parceiro estável, de baixa paridade, com escolaridade incipiente e não-usuárias de métodos contraceptivos. Recomenda-se a realização de estudos que investiguem os conhecimentos relacionados a percepções, conceitos culturais do aborto, e às razões por que mulheres pobres fracassam na adoção de métodos de planejamento familiar.

  7. Aphanes arvensis (Rosaceae) en el extremo nordeste de la Argentina

    OpenAIRE

    Gustavo Hildt; Héctor A. Keller

    2017-01-01

    Se menciona por primera vez para el nordeste argentino a una hierba adventicia en el nuevomundo. La especie es ilustrada mediante fotografías Fil: Hildt, Gustavo. Universidad Nacional de Misiones; Argentina Fil: Keller, Hector Alejandro. Consejo Nacional de Investigaciones Científicas y Técnicas. Centro Científico Tecnológico Nordeste. Instituto de Botánica del Nordeste (i); Argentina

  8. Auto-estima de mulheres hipertensas que vivenciam o climatério - doi:10.5020/18061230.2004.p31

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Zélia Maria de Sousa Araújo Santos

    2012-01-01

    Full Text Available O estudo analisou a auto-estima de mulheres hipertensas que vivenciam o climatério. A pesquisa constituiu de estudo descritivo e foi realizada em ambulatório de uma instituição pública de saúde, de referência para o norte e nordeste no atendimento às doenças do coração e do pulmão; situada no município de Fortaleza-CE. Participaram do estudo 20 mulheres hipertensas na faixa etária de 45 a 55 anos. Os dados foram coletados por meio de entrevista,e classificados em categorias, de acordo com as fontes de auto-estima propostas por Brander (1995. A análise portou-se no referencial teórico da auto-estima. As falas foram organizadas e analisadas em 6 categorias: atitude de viver conscientemente, atitude de auto-aceitação; atitude de auto-responsabilidade; atitude de auto-afirmação; atitude de intencionalidade; e atitude de integridade pessoal. As mulheres apresentavam autoestima baixa, em decorrência dos fatores externos e interno. Entre os fatores externos identificouse: baixo poder aquisitivo, dependência econômica e baixa escolaridade; que constituíram barreiras para a realização de seus objetivos. Quanto aos internos, o único que abalou a auto-estima foi a mudança física inerente à fase do ciclo vital em que se encontravam. Estes resultados poderão subsidiar o planejamento da assistência de enfermagem à mulher hipertensa no climatério.

  9. Experiências de abortos provocados em clínicas privadas no Nordeste brasileiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paloma Silveira

    Full Text Available Resumo Baseado numa investigação qualitativa desenvolvida em 2012, o artigo analisa experiências de abortos provocados de pessoas de estratos sociais médios realizados em clínicas privadas. Foram narradas 34 histórias de gravidezes interrompidas em clínicas por 19 mulheres e cinco homens, residentes em duas capitais do Nordeste brasileiro. Uma análise temática revela que existem diferentes tipos de clínicas e de atendimento prestados pelos médicos. O artigo mostra que a realização de um aborto em uma clínica privada não é garantia de um atendimento humanizado e seguro. As narrativas fornecem descrições de diversas situações e práticas, desde aquelas com algumas falhas, como a falta de informações sobre os medicamentos, até outras com abusos graves, como procedimentos realizados sem anestesia. Assim, conclui-se que a ilegalidade da prática do aborto, no Brasil, permite que as clínicas funcionem sem qualquer tipo de regulação do Estado, não impedindo que as mulheres realizem abortos, mas as expondo a situações de total vulnerabilidade e de violação dos direitos humanos.

  10. Experiências de abortos provocados em clínicas privadas no Nordeste brasileiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paloma Silveira

    2016-01-01

    Full Text Available Resumo Baseado numa investigação qualitativa desenvolvida em 2012, o artigo analisa experiências de abortos provocados de pessoas de estratos sociais médios realizados em clínicas privadas. Foram narradas 34 histórias de gravidezes interrompidas em clínicas por 19 mulheres e cinco homens, residentes em duas capitais do Nordeste brasileiro. Uma análise temática revela que existem diferentes tipos de clínicas e de atendimento prestados pelos médicos. O artigo mostra que a realização de um aborto em uma clínica privada não é garantia de um atendimento humanizado e seguro. As narrativas fornecem descrições de diversas situações e práticas, desde aquelas com algumas falhas, como a falta de informações sobre os medicamentos, até outras com abusos graves, como procedimentos realizados sem anestesia. Assim, conclui-se que a ilegalidade da prática do aborto, no Brasil, permite que as clínicas funcionem sem qualquer tipo de regulação do Estado, não impedindo que as mulheres realizem abortos, mas as expondo a situações de total vulnerabilidade e de violação dos direitos humanos.

  11. Insegurança alimentar no Nordeste e Sul do Brasil: magnitude, fatores associados e padrões de renda per capita para redução das iniquidades

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Augusto Facchini

    2014-01-01

    Full Text Available O artigo analisa a insegurança alimentar em domicílios urbanos com crianças menores de sete anos de idade. Por meio de estudo transversal localizou-se, nas áreas de abrangência de unidades básicas de saúde, 5.419 domicílios na Região Nordeste e 5.081 na Região Sul do Brasil. A insegurança alimentar foi avaliada usando-se a Escala Brasileira de Insegurança Alimentar. A prevalência de insegurança alimentar moderada ou grave foi 22,9% no Nordeste e 7,5% no Sul. Em ambas as regiões, na análise ajustada, a maior probabilidade de insegurança alimentar moderada e grave foi identificada em domicílios chefiados por mulheres, com cor da pele materna preta e parda/mestiça, com menor escolaridade materna, menor renda familiar per capita e beneficiários do Bolsa Família. A insegurança alimentar moderada ou grave seria reduzida em 59,5% no Nordeste e em 45,4% no Sul, com uma renda familiar per capita mínima de R$ 175,00 ao mês. O aumento da renda familiar dos mais pobres e a melhor focalização do Bolsa Família são essenciais para a diminuição da insegurança alimentar no país.

  12. Práticas da ventilação por pressão positiva intermitente nasal (VPPIN em neonatologia no Nordeste brasileiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sara Karla F. de Medeiros

    2012-02-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Conhecer as práticas referentes ao uso de ventilação por pressão positiva intermitente nasal (VPPIN em unidades terciárias de atendimento neonatal do Nordeste brasileiro. MÉTODOS: Estudo observacional seccional tipo inquérito, realizado entre março de 2009 e janeiro de 2010 em todas as instituições de atendimento neonatal de nível terciário localizadas no Nordeste brasileiro, cadastradas no Conselho Nacional dos Estabelecimentos de Saúde do Ministério de Saúde. Realizado por meio de levantamento, utilizando questionários sobre o uso de VPPIN, enviados aos responsáveis das unidades de cuidados intensivos neonatais de cada instituição. A análise estatística foi realizada pelo software Epi-Info versão 6.04, com dupla entrada de dados. As variáveis foram comparadas pelo teste do qui-quadrado, sendo considerado nível de significância de 5%. RESULTADOS: Estão cadastradas no Conselho Nacional dos Estabelecimentos de Saúde 93 unidades terciárias neonatais no Nordeste brasileiro. Os questionários foram respondidos por 87% delas. A maior parte classificou-se como de natureza privada (30,7% ou pública estadual (29,4%. O número de instituições que se utilizam da VPPIN correspondeu a 98,7% do total. Grande parte das unidades (92,8 % declarou utilizar aparelhos de ventilação pulmonar mecânica, adaptados para aplicação de VPPIN, e pronga binasal curta como interface (94,2%. O protocolo para aplicação de VPPIN existia em apenas 17,3% das unidades. A média dos valores de pressão positiva inspiratória adotados foi de 20,0 cmH2O (desvio padrão = 4,47 e de pressão expiratória final positiva foi de 5,0 cmH2O (desvio padrão = 0,84. CONCLUSÃO: A ventilação por pressão positiva intermitente nasal representa um suporte utilizado pelas unidades neonatais no Nordeste brasileiro, embora se observe pouca uniformização quanto às indicações e parâmetros adotados entre as instituições.

  13. Perfil de mulheres admitidas em uma UTI obstétrica por causas não obstétricas Profile of women admitted at an obstetric ICU due to non-obstetric causes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marta de Andrade Lima Coêlho

    2012-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Caracterizar pacientes admitidas durante o ciclo gravídico-puerperal por causas não obstétricas na unidade de terapia intensiva (UTI obstétrica de um Hospital Terciário no Nordeste do Brasil. MÉTODOS: Realizou-se um estudo descritivo, analisando as participantes de um estudo de coorte ambidirecional entre janeiro de 2005 e outubro de 2010. Foram incluídas 500 pacientes admitidas durante o ciclo gravídico-puerperal por causas não obstétricas em uma UTI Obstétrica no Nordeste do Brasil, excluindo-se os casos de doença trofoblástica gestacional (DTG, prenhez ectópica, óbito ou internamento na UTI com tempo inferior a 24 horas e falta de condições de assinar o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido (TCLE. Foram analisadas as variáveis biológicas, sociodemográficas, obstétricas e clínicas. A análise estatística foi realizada no programa Epi-Info 3.5.3. RESULTADOS: Entre 5.078 internamentos obstétricos no setor, 500 pacientes (9,8% foram por causas não obstétricas. A média de idade foi 25,9 anos, houve predominância de mulheres pardas (68,9%, e o IMC médio foi de 27,5. Em 79,9% dos casos, as mulheres tinham companheiro, e escolaridade acima de oito anos de estudo foi constatada em 49,2%. Os principais diagnósticos clínicos observados no momento do internamento na UTI foram cardiopatia, trombose venosa profunda (TVP, infecção do trato urinário (ITU, asma, edema agudo de pulmão (EAP e pneumonia comunitária. Acesso central foi usado em 10,2% das pacientes, 11% foram submetidas à ventilação mecânica e 20,4%, à transfusão, tendo o óbito ocorrido em 4,0%. CONCLUSÃO: Mulheres admitidas na UTI obstétrica por causas não obstétricas representam parcela significativa das pacientes do setor. São mulheres jovens; e os principais diagnósticos de admissão foram doenças cardiovasculares, respiratórias e infecciosas, verificando-se uma letalidade de 4,0%.OBJECTIVE: To characterize patients admitted

  14. Histórias de perdas fetais contadas por mulheres: estudo de análise qualitativa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alba Lúcia Dias dos Santos

    2004-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: (Reconhecer o significado da perda fetal para mulheres que vivenciaram a experiência, a partir da compreensão do processo de gravidez, com base em seus relatos. MÉTODOS: Pesquisa de análise qualitativa com base nas histórias de sete mulheres que vivenciaram a experiência de perda fetal, no município de Arujá, SP, no período de julho de 1998 a junho de 1999. As mulheres foram identificadas a partir de atestados de óbito de nascidos mortos no período de estudo, obtidos no Cartório de Registro Civil de Arujá. Como procedimentos metodológicos, foram utilizadas a técnica de história oral para a coleta de dados e a técnica de análise de conteúdo do material coletado. As entrevistas realizadas foram gravadas e transcritas integralmente, e posteriormente recortadas para análise. RESULTADOS: Os achados foram analisados, contemplando dois momentos: o contexto circunstancial da gravidez e o impacto após a perda, adotando-se categorias temáticas específicas. A primeira parte aborda a percepção da gravidez, a notícia da vinda do bebê, os problemas de saúde até a perda e o atendimento do serviço de saúde. O significado da perda do bebê para as mulheres desse estudo foi evidenciado por três eixos centrais: perda de parte dela, fatalidade atribuída ao divino e mudanças de atitude perante a vida. A rede social de apoio a essas mulheres foi constituída sobre dois pilares: a família e a igreja, sendo praticamente inexistente o apoio de serviços de saúde. Ao final, todas elas expressaram a vontade de viver, a necessidade de trabalhar, de estudar e, até mesmo, de ter nova gravidez. CONCLUSÕES: Faz-se necessária uma mudança de paradigma nessa missão de atender pessoas; é preciso humanizar o atendimento nos serviços de saúde. Ficou muito evidente a necessidade do acompanhamento de usuárias de serviços de saúde que tiveram uma perda fetal, por uma equipe multiprofissional. Foi evidenciada, também, a import

  15. Histórias de perdas fetais contadas por mulheres: estudo de análise qualitativa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Santos Alba Lúcia Dias dos

    2004-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: (Reconhecer o significado da perda fetal para mulheres que vivenciaram a experiência, a partir da compreensão do processo de gravidez, com base em seus relatos. MÉTODOS: Pesquisa de análise qualitativa com base nas histórias de sete mulheres que vivenciaram a experiência de perda fetal, no município de Arujá, SP, no período de julho de 1998 a junho de 1999. As mulheres foram identificadas a partir de atestados de óbito de nascidos mortos no período de estudo, obtidos no Cartório de Registro Civil de Arujá. Como procedimentos metodológicos, foram utilizadas a técnica de história oral para a coleta de dados e a técnica de análise de conteúdo do material coletado. As entrevistas realizadas foram gravadas e transcritas integralmente, e posteriormente recortadas para análise. RESULTADOS: Os achados foram analisados, contemplando dois momentos: o contexto circunstancial da gravidez e o impacto após a perda, adotando-se categorias temáticas específicas. A primeira parte aborda a percepção da gravidez, a notícia da vinda do bebê, os problemas de saúde até a perda e o atendimento do serviço de saúde. O significado da perda do bebê para as mulheres desse estudo foi evidenciado por três eixos centrais: perda de parte dela, fatalidade atribuída ao divino e mudanças de atitude perante a vida. A rede social de apoio a essas mulheres foi constituída sobre dois pilares: a família e a igreja, sendo praticamente inexistente o apoio de serviços de saúde. Ao final, todas elas expressaram a vontade de viver, a necessidade de trabalhar, de estudar e, até mesmo, de ter nova gravidez. CONCLUSÕES: Faz-se necessária uma mudança de paradigma nessa missão de atender pessoas; é preciso humanizar o atendimento nos serviços de saúde. Ficou muito evidente a necessidade do acompanhamento de usuárias de serviços de saúde que tiveram uma perda fetal, por uma equipe multiprofissional. Foi evidenciada, também, a import

  16. Mulheres em situação de violência pelo parceiro íntimo: tomada de decisão por apoio institucional especializado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leônidas de Albuquerque Netto

    Full Text Available RESUMO Objetivo Propõe-se analisar fatores envolvidos na tomada de decisão de mulheres em situação de violência interpessoal, praticada pelo parceiro íntimo, na busca por apoio institucional de referência. Métodos Pesquisa qualitativa, descritiva e exploratória. Dezesseis mulheres foram entrevistadas, entre junho e setembro de 2012, em um Centro de Referência à Mulher de Duque de Caxias, Rio de Janeiro, Brasil, por meio de instrumento semiestruturado e individual. Os relatos foram analisados pelo método do Discurso do Sujeito Coletivo. Resultados As mulheres buscaram suporte psicossocial quando a violência interpessoal alcançou o limite da tolerância. Este suporte possibilitou o resgate da autoestima e da confiança, além da tomada de consciência para a necessidade de mudança de vida e de autonomia econômica. Conclusões As mulheres alcançaram sua autoconfiança com a superação da violência, o que possibilitou o resgate da autoestima e a tomada de decisão para a saída da situação de violência interpessoal praticada pelo parceiro íntimo.

  17. Largada pelo marido! O estigma vivido por mulheres em Tianguá-CE ¡Dejada por el marido! El estigma vivido por mujeres en Tianguá-Ce Abandoned by her husband! The stigma confronted by women in Tianguá-Ce

    OpenAIRE

    Virginia Moreira; Dilcio Guedes

    2007-01-01

    Este artigo descreve um estudo sobre a vivência de rompimento do casamento de mulheres deixadas por seus maridos. Teve como objetivo compreender como mulheres de Tianguá - CE - Brasil vivenciavam a ruptura da relação, descrevendo os fatores reconhecidos como agentes do rompimento da relação amorosa. A partir da experiência vivida morando em Tianguá, nossa hipótese era que essas mulheres vivenciavam o rompimento como uma experiência estigmatizada de desestruturação de sua vida pessoal. Utiliza...

  18. Turismo Induzido por Filmes: A Imagem do Nordeste Propagada pelo Cinema Brasileiro no Ponto de Vista do Estudante de Cinema no Ceará

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco Samuel Pereira Neto

    2013-12-01

    Full Text Available Esta pesquisa trata do fenômeno Turismo Induzido por Filmes como uma estratégia de marketing para lugares, abordando conceitos das três áreas alicerce, sendo elas o Marketing, o Turismo e o Cinema, para o estudo, explanação e formação das ideias. Traz o desenvolvimento do fenômeno no mundo, sua história, primeiras constatações de sua existência e valor como formador e fixador da imagem de um lugar na mente do público, além de enfatizar os benefícios na aplicação de tal estratégia para o crescimento local. Em seguida, o referencial teórico aborda a condição do cinema e a aplicação da estratégia no Brasil, e então trata da imagem do Nordeste, abordando, a princípio, como fora formada a ideia de nordeste que se tem mais fortemente fixada no imaginário das pessoas hoje, e como as artes, e mais tarde, o cinema, contribuiu e ainda contribui para isso. Finalmente, a pesquisa trata, por meio da aplicação de questionários, da visão dos estudantes de Cinema no Ceará, representados pela Universidade Federal do Ceará (UFC e Universidade de Fortaleza (UNIFOR, sobre as produções cinematográficas nacionais que retratam o Nordeste e a imagem que propagam da região.DOI: 10.5585/podium.v2i2.42

  19. Representações sobre o uso de álcool por mulheres em tratamento em um centro de referência da cidade de São Paulo - Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edemilson Antunes de Campos

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi compreender as representações e os significados elaborados sobre o uso de álcool por mulheres em tratamento no Centro de Referência de Álcool, Tabaco e Outras Drogas (CRATOD, localizado na cidade de São Paulo-Brasil. Para tanto, realizaram-se entrevistas semiestruturadas com mulheres que fazem uso considerado abusivo de álcool. Para essas mulheres, as representações sobre o uso do álcool estão ligadas às relações familiares, profissionais e de gênero, que definem os modos de classificação do uso do álcool concebidos como socialmente aceito e como abusivo e, por essa via, acionam um sistema de acusações, que envolve os valores próprios do universo sociocultural no qual estão inseridas, identificando-as como "mulheres que abusam do álcool", isto é, mulheres que não cumprem suas obrigações sociais nas esferas da família e do trabalho.

  20. Prevalência de violência física por parceiro íntimo em homens e mulheres de Florianópolis, Santa Catarina, Brasil: estudo de base populacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sheila Rubia Lindner

    2015-04-01

    Full Text Available Investigou-se a associação entre sexo e violência física entre parceiros íntimos. Encontrou-se prevalência de sofrer qualquer violência física (17%, violência física moderada (16,6% e violência física grave (7,3%. Não houve diferença significativa para violência física moderada em homens e mulheres, porém, quanto mais grave o ato maior a ocorrência deste nas mulheres. Por meio de regressão logística testou-se a associação da violência com o sexo, ajustando-se às variáveis exploratórias. Mulheres de maior idade, viúvas/separadas, pobres, menos escolarizadas e pretas registram maior probabilidade de sofrer violência. Nos homens, a prevalência de violência física grave apresentou alteração significativa apenas para estado civil. Uso abusivo de álcool por mulheres representou maior chance de sofrer violência física.

  1. Sentimentos vivenciados por mulheres submetidas a tratamento para Papillomavirus Humano Sentimientos vivenciados por mujeres sometidas a Tratamiento para el Papillomavirus Humano Feelings experienced by women submitted to a treatment for Human Papillomavirus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Luiza Santos de Carvalho

    2007-06-01

    Full Text Available A carência de informações sobre o papillomavirus humano pode gerar idéias errôneas sobre o tratamento, o que interfere no contexto sócio-familiar da mulher. Com o objetivo de conhecer os sentimentos vivenciados por mulheres submetidas a tratamento de lesões por papillomavirus humano, foi realizada uma pesquisa qualitativa de natureza exploratória com 12 mulheres, baseada na obtenção e análise de depoimentos por meio de entrevista semi-estruturada. As informações foram analisadas de acordo com a literatura e dispostas em duas temáticas: Reações emocionais e Repercussões no relacionamento. Conclui-se que a mulher que está sendo submetida a tratamento de lesões por papillomavirus humano necessita de cuidados, por parte dos enfermeiros, como forma de melhor enfrentar esse período a qual está vivenciando.La carencia de informaciones sobre el papillomavirus humano puede generar ideas erradas sobre el tratamiento, lo que interfiere en el contexto social y familiar de la mujer. Con el objetivo de conocer los sentimientos vividos por mujeres sometidas a tratamiento de lesiones por papillomavirus humanos, fue realizada una investigación cualitativa de naturaleza exploratoria con 12 mujeres, basada en la obtención y análisis de deposiciones por medio de entrevistas medio-estructurada. Las informaciones fueran analizadas conforme con la literatura y dispuestas en dos temáticas: Reacciones emocionales y Repercusiones en el reracionamiento. Concluyese que la mujer que esta siendo sometida al tratamiento de lesiones por papillomavirus humano necesita de cuidados, por parte de los enfermeros, como forma de mejor enfrentar ese periodo el cual esta viviendo.The lack of information on the papillomavirus human can generate misconception on the treatment interfering in the familiar and social context of the woman. With the purpose to know the feelings experienced by women submitted to treatment of lesions by human papillomavirus, was carried

  2. Escolhas Associadas ao Automóvel por Homens e por Mulheres: confluência ou divergência? Choices associated with automobiles for Men and Women: convergence or divergence? Opciones relacionadas con el Automóvil por Hombres y por Mujeres: ¿convergencia o divergencia?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    LICHT, René Henrique Götz

    2009-03-01

    Full Text Available RESUMOO aumento do poder de compra das mulheres tem levado empresas a adotarem estratégias de diferenciação de produtos e a produzirem produtos específicos para o público feminino. A indústria automobilística não está imune a este fenômeno, uma vez que as mulheres representam aproximadamente metade das vendas de automóvel no país. Considerando as diferenças de consumo e de comportamento entre mulheres e homens é colocada a seguinte questão: há diferenças entre escolhas associadas ao automóvel por homens e mulheres? Foram apresentados aos participantes itens presentes no dia-a-dia das pessoas, e que são por elas valorizados; e foi solicitado aos participantes que escolhessem e associassem estes itens ao automóvel. A análise dos resultados revelou haver mais semelhanças do que diferenças entre escolhas associadas ao automóvel por homens e escolhas associadas ao automóvel por mulheres. A semelhança entre as escolhas sugere que as representações, os significados e valores atribuídos ao automóvel por homens e por mulheres são similares e, desta forma, a estratégia de diferenciação de produtos não se aplica à indústria automobilística.ABSTRACTThe increase of the women purchase power has led some companies to adopt strategies of products differentiation as well as to produce specific products to the female public. The auto industry is not immune to this phenomenon, once the women represent, approximately, half of the automobile sales in the country. Considering the consumption and the behavior differences between women and men, it has set the following question: are there differences between the choices associated to the automobile by men and the choices associated to the automobile by women? It has been presented to the participants items found in the people’s day-by-day, which are valorized by them, and the participants have been asked to choose and associate these items to the automobile. The results analysis

  3. EFEITOS DISTRIBUTIVOS DO SALÁRIO MÍNIMO NO MERCADO DE TRABALHO DA REGIÃO NORDESTE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joyciane Coelho Vasconcelos

    Full Text Available RESUMO Este artigo investiga a contribuição do salário mínimo (SM no processo de desconcentração dos rendimentos do mercado de trabalho da região Nordeste do Brasil no período 2002-2012. Os microdados utilizados são oriundos da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE. Utilizou-se a metodologia de simulação proposta em DiNardo, Fortin e Lemieux (1996, que estimaram as funções densidade Kernel contrafactuais. As simulações foram realizadas para pessoas do gênero feminino e masculino. Os resultados revelaram que, por meio das decomposições, o salário mínimo, o grau de formalização e os atributos pessoais tiveram impactos desconcentradores naquele grupo de trabalhadores. Apenas para os homens, o efeito desconcentrador do salário mínimo é mais intenso na amostra quando comparado às mulheres. Em síntese, as simulações revelam a importância do salário mínimo na redução da dispersão dos rendimentos do trabalho no período estudado.

  4. Mortalidade infantil por causas evitáveis em uma cidade do Nordeste do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Suelayne Gonçalves do Nascimento

    2014-04-01

    Full Text Available Estudo de corte transversal que objetivou descrever a ocorrência da mortalidade infantil em Recife (PE entre 2000 e 2009, segundo causas evitáveis. A população foi composta pelos óbitos infantis de mães residentes na cidade do Recife e a classificação de evitabilidade adotou a Lista de causas de mortes evitáveis por intervenções do Sistema Único de Saúde. Para análise dos dados utilizou-se estatística descritiva. Foi observado decréscimo no coeficiente de mortalidade infantil de 20,4 para 12,1 por 1.000 nascidos vivos. Do total de 3.743 óbitos registrados, 2.861 (76,4% foram classificados como evitáveis. Destacaram-se os óbitos reduzíveis por adequada atenção à mulher na gestação. A abordagem da evitabilidade auxilia nas discussões relacionadas à organização, qualidade e acesso aos serviços de saúde, bem como na identificação dos óbitos que poderiam ter sido prevenidos ou evitados por uma adequada atenção à saúde materno-infantil.

  5. Mortes de mulheres internadas para parto e por aborto e de seus conceptos em maternidades públicas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pauline Lorena Kale

    Full Text Available Resumo O objetivo deste estudo foi analisar mortes de mulheres internadas para parto e por aborto, e de seus conceptos – fetais e neonatais – em maternidades públicas nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Niterói (RJ, em 2011. Estudo seccional de base hospitalar. Participaram 7.845 mulheres resultando em um óbito materno, 498 abortos, 65 óbitos fetais, 44 óbitos neonatais e 7.291 sobreviventes infantis. Dados foram obtidos por meio de entrevista, consulta ao prontuário, cartão da gestante e no Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM. Foi descrita a população de estudo e estimados a concordância da causa básica (SIM e certificada pela pesquisa e os indicadores de mortalidade. A mortalidade materna foi 13,6 por cem mil nascidos vivos (NV, fetal 8,8‰ nascimentos e neonatal 6,0‰ NV. Misoprostol foi o medicamento mais utilizado no aborto provocado. Transtornos respiratórios e fatores maternos foram as principais causas entre óbitos fetais e neonatais. Sífilis congênita, diabetes e causas de morte fetal não especificada foram subdeclaradas no SIM. Os coeficientes kappa por capítulo foram 0,70 (neonatais e 0,54 (natimortos. A assistência de boa qualidade no planejamento reprodutivo, pré-natal, durante o parto e nascimento resultará na prevenção das mortes.

  6. Letramento, heterogeneidade e alteridade: análise de narrativas orais produzidas por uma mulher não-alfabetizada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leda Verdiani Tfouni

    2005-01-01

    Full Text Available

    Este trabalho tem por objetivo investigar narrativas orais produzidas por uma mulher não-alfabetizada do ponto de vista da instalação da heterogeneidade discursiva. A heterogeneidade é vista e detectada em uma dimensão constitutiva e em uma dimensão mostrada. A discussão baseia-se ainda no conceito de letramento, e, partindo do pressuposto de que existe uma interpenetração do discurso da oralidade e do discurso da escrita, procura detectar como, nas narrativas analisadas, esta alteridade constituída por quem sabe ler e escrever, é indiciada no discurso do não-alfabetizado. As narrativas apresentadas - “As três estrelas de ouro na testa” e “A Branca Flor de Antuninho”- foram produzidas por Madalena de Paula Marques: uma mulher não-alfabetizada e moradora da periferia de Ribeirão Preto-SP-Brasil. A análise procura mostrar que, ao jogar com os dois tipos de heterogeneidade citados, a narradora assegura um fluxo narrativo coerente concorde à função de autoria, conforme propõe a teoria de letramento que embasa o trabalho. Apontamos ainda aqui na direção de afirmar que estas narrativas, mesmo sendo orais, apresentam marcas de escrita constituída pela heterogeneidade.

  7. Intoxicação por Enterolobium contortisiliquum em bovinos na região Nordeste do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberio G. Olinda

    2015-01-01

    Full Text Available Descreve-se um surto de fotossensibilização causada por favas de Enterolobium contortisiliquum em bovinos no Estado de Pernambuco, Nordeste do Brasil. Os sinais clínicos observados foram hiporexia, prostração, perda de peso, edema generalizado, dermatite e icterícia. Havia anemia e atividades séricas de AST, LDH e GGT elevadas. A concentração sérica de ureia encontrava-se levemente aumentada e creatinina, proteínas séricas e albumina estavam em níveis normais. Na necropsia, o fígado estava aumentado de tamanho e difusamente alaranjado e os rins estavam aumentados de volume e apresentavam estriações esbranquiçadas irregulares entremeadas por áreas escuras na superfície subcapsular. Histologicamente, observou-se na pele, dermatite ulcerativa. No fígado havia vacuolização e necrose de hepatócitos da região centrolobular e ocasionalmente necrose individual de hepatócitos em outras regiões. O rim apresentava nefrose tubular tóxica. O diagnóstico diferencial da intoxicação por E. contortisiliquum na região semiárida deve incluir as intoxicações por Brachiaria spp, Panicum dichotomiflorum e Froelichia humboldtiana, que também causam fotossensibilização.

  8. Análise de cinco vocábulos recorrentes e preferenciais na obra As mulheres de Tijucopapo, de Marilene Felinto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Grace Gonçalves Grigoleto

    2012-11-01

    Full Text Available O presente artigo tem por objetivo analisar cinco vocábulosconsiderados recorrentes e preferenciais na obra As mulheres deTijucopapo, de Marilene Felinto. A metodologia situa-se no campoda Linguística de Corpus (estudos de BERBER SARDINHA, 2003,2004; e também se apoia na fortuna crítica da autora (FIORUCCI,2009; JACOMEL, 2008; SANTOS, 2005; entre outros. Apesquisa foi realizada por meio de uma combinação de análisessemimanuais e de análises computadorizadas. Inicialmente,utilizamos o programa WordSmith Tools para obter a frequênciadas palavras na obra de Felinto. Em seguida, utilizamos a ferramentaKeyWords para identificar quais seriam as palavras-chave presentesno romance. Após esse levantamento, recorremos à fortuna críticade Felinto e definimos cinco vocábulos considerados preferenciaisda autora: “homem”, “mulheres”, “chuva”, “amor” e “égua”. A análisedos vocábulos junto de seu cotexto revela a visão de Felinto de umarealidade violenta e triste do seu Nordeste.

  9. Enfrentamento da violência infligida pelo parceiro íntimo por mulheres em área urbana da região Nordeste do Brasil Enfrentamiento de la violencia infligida por la pareja intima por mujeres en área urbana de la región Noreste de Brasil Facing violence by intimate partner: the experience of women in an urban area of Northeastern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raquel de Aquino Silva

    2012-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever as formas de enfrentamento à violência física adotadas por mulheres agredidas por parceiro íntimo. MÉTODOS: Estudo transversal realizado na linha de base de estudo de coorte, com gestantes cadastradas no Programa Saúde da Família, entre julho de 2005 e março de 2006, em Recife, PE. Foram selecionadas 283 gestantes de 18 a 49 anos com histórico de violência física pelo parceiro de então ou mais recente antes e/ou durante a gestação. As entrevistas foram realizadas face a face, com questionário estruturado e pré-codificado, e realizou-se análise descritiva. Foi coletada informação sobre características sociodemográficas das mulheres, tipos e gravidade da violência física cometida pelo parceiro, formas de enfrentamento da violência, pessoas e serviços de apoio procurados pelas mulheres, motivos para a mulher ter alguma vez abandonado e retornado a casa em razão da violência. RESULTADOS: Das mulheres que sofreram violência física pelo parceiro íntimo, 57,6% conversaram com alguém, 3,5% procuraram ajuda institucionalizada, 17,3% conversaram e procuraram ajuda institucionalizada e 21,6% não procuraram nenhuma forma de ajuda. As pessoas mais procuradas foram os pais (42,0%, amigo/amiga (31,6% e irmão/irmã (21,2%. Os serviços mais procurados pelas mulheres foram: polícia/delegacia (57,6%, serviços de saúde (27,1% e instituições religiosas (25,4%. Relataram não ter obtido qualquer tipo de ajuda 44,8% das mulheres; 32,1% disseram ter saído de casa alguma vez na vida, pelo menos por uma noite, das quais 5,9% não retornaram a casa. Foram motivos para deixar a casa: a exacerbação da violência e o medo de ser morta; para o retorno: a esperança de mudança do parceiro e o desejo de preservar a família. CONCLUSÕES: Grande parte das mulheres que sofriam violência por parceiro íntimo buscou alguma forma de ajuda. A rede social primária (familiares e amigos foi a mais procurada pelas mulheres

  10. Significado da busca de tratamento por mulheres com transtorno depressivo atendidas em serviço de saúde público

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Denise Martin

    2012-12-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo de caráter etnográfico foi analisar o significado da busca de tratamento por mulheres com transtorno depressivo atendidas em um Núcleo de Atenção Psicossocial do município de Santos, São Paulo, Brasil. Foram identificados, neste contexto: o tratamento da depressão no serviço (do encaminhamento ao atendimento, as noções de doença elaboradas pelas mulheres e o consumo de medicamentos. Ficaram evidentes: a banalização da depressão, a importância do psiquiatra e do uso de antidepressivos e ansiolíticos no tratamento. Os padrões encontrados de consumo dos medicamentos pelas mulheres sugerem a ocorrência de uma "toxicomania medicamentosa". O uso de medicamentos, além da ação farmacológica, possui uma ação simbólica, no sentido de conforto e cuidado. O trabalho aponta para a necessidade de se articularem o significado das experiências das mulheres e as abordagens terapêuticas da depressão na construção das políticas públicas de saúde mental.

  11. Conexões transnacionais entre as mulheres de direita Brasil, Chile e Estados Unidos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Margaret Power

    2014-04-01

    Full Text Available Este artigo discute a importância transnacional dos movimentos de mulheres contra João Goulart, no Brasil, e contra Salvador Allende, no Chile, e o impacto que tiveram sobre as mulheres conservadoras dos Estados Unidos. Para tanto, examina a ampla cobertura que a mídia, nos Estados Unidos, deu aos movimentos dessas mulheres, assim como as visitas que as mulheres anti-Goulart fizeram aos Estados Unidos após o golpe militar brasileiro de 1964. Ele explora vários casos em que mulheres conservadoras brasileiras e chilenas partilharam suas experiências e suas vitórias políticas com as mulheres da América do Norte, que, por sua vez, foram inspiradas por elas. O artigo desafia a literatura acerca das mulheres de direita nos Estados Unidos, que tem ignorado o impacto que as mulheres conservadoras do Brasil ou do Chile tiveram sobre os movimentos desse país.

  12. Avaliação manométrica anorretal de mulheres adultas com bexiga hiperativa

    OpenAIRE

    Gonçalves, Maria Lúcia Campos

    2011-01-01

    Objetivo: As disfunções miccionais, anorretais e do assoalho pélvico tem sido consideradas como fatores contribuintes dos sintomas de Bexiga Hiperativa (BH). O objetivo deste estudo foi avaliar os parâmetros da manometria anorretal em mulheres adultas com bexiga hiperativa. Materiais e Métodos: Mulheres adultas com ou sem BH formaram 2 grupos: Grupo BH constituído por mulheres com diagnósticos urodinâmico de BH, e Grupo C (controle) constituído por mulheres sem critérios clínicos para o diag...

  13. Associação entre violência por parceiro íntimo contra a mulher e infecção por HIV Asociación entre violencia contra la mujer por pareja íntima e infección por VIH Association between intimate partner violence against women and HIV infection

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudia Barros

    2011-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a associação entre a violência por parceiro íntimo contra mulheres e a infecção ou suspeita de infecção pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV. MÉTODOS: Estudo transversal com base em dados de questionários aplicados face-a-face e de prontuários médicos de 2.780 mulheres de 15 a 49 anos, atendidas em unidades do sistema único de saúde da Grande São Paulo, SP, em 2001-2002. As mulheres foram categorizadas em: usuárias em tratamento por serem "soropositivas para o HIV", com "suspeita de HIV" e aquelas que procuraram os serviços por outros motivos. A violência por parceiro íntimo contra mulheres na vida foi categorizada por gravidade e recorrência dos episódios de violência. A associação com o desfecho foi testada pelo modelo de Poisson com variância robusta e ajustada por variáveis sociodemográficas, sexuais e reprodutivas. RESULTADOS: A prevalência de violência foi de 59,8%. Sofrer violência reiterada e grave apresentou maior associação de infecção confirmada pelo HIV (RP = 1,91. A violência independente da gravidade e da recorrência dos episódios apresentou maior associação para a suspeita de infecção por HIV (RP = 1,29. CONCLUSÕES: A violência por parceiro íntimo contra mulheres tem papel relevante nas situações de suspeita e confirmação da infecção pelo HIV, sendo essencial incluir sua detecção, controle e prevenção como parte da atenção integral à saúde das mulheres.OBJETIVO: Analizar la asociación entre la violencia contra mujeres por pareja íntima y la infección o sospecha de infección por el virus de inmunodeficiencia humana (VIH. MÉTODOS: Estudio transversal con base en datos de cuestionarios aplicados cara-a cara y de prontuarios médicos de 2.780 mujeres de 15 a 49 años, atendidas en unidades del sistema único de salud de la Gran Sao Paulo, Sureste de Brasil, en 2001-2002. Las mujeres fueron categorizadas en: usuarias en tratamiento por ser

  14. Sida e a mulher

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudia Chaves

    2016-02-01

    Full Text Available Os padrões epidemiológicos da pandemia do VIH/SIDA estão a mudar, fazendo prever que, nos próximos anos, o ratio homem/mulher seja de 1:1. Isto é tanto mais verdade em localizações geográficas onde a transmissão do vírus por via heterossexual é a predominante, com particular relevância para os países em vias de desenvolvimento. De entre estes, África merece destaque, já que aí as cifras assustadoras relativas a esta doença traduzem, de facto, a precariedade da condição de mulheres e crianças.  As mulheres são, no presente, o grupo mais vulnerável à SIDA, não só pelas suas condições anatomofisiológicas, mas também pela sua situação social, económica e cultural. O seu papel na família, como cuidadora, parceira sexual e, eventualmente, mãe coloca-as face aos desafios de uma doença que, apesar de crónica, tem, ainda hoje, um desfecho fatal.  Simultaneamente vítima e portadora/mensageira da doença, a mulher é confrontada com os seus comportamentos passados ("vítima culpada" ou acaba por se ver presa numa teia de contaminações sucessivas. Com frequência, começa por ser contaminada pelo seu parceiro sexual (muitas vezes, como verdadeira "vítima inocente", já que desconhece condutas e passado do homem com quem vive, tornando-se, depois, ela própria, transmissora da doença aos filhos que, provavelmente, tanto quis proteger. Em 80% dos casos de SIDA pediátrica a génese pode ser encontrada na transmissão vertical.

  15. Mortalidade por causas relacionadas ao aborto no Brasil: declínio e desigualdades espaciais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruno Gil de Carvalho Lima

    2000-03-01

    Full Text Available Além de constituir causa freqüente de internamentos obstétricos em países pobres, o aborto representa a incapacidade do sistema público de saúde de prover informação suficiente sobre métodos contraceptivos para prevenir gestações em vez de interrompê-las. No Brasil, as altas taxas de utilização de serviços de saúde por abortamentos refletem as dificuldades persistentes de contracepção e planejamento familiar. Além disso, a mortalidade por aborto serve como indicador da qualidade dos procedimentos abortivos, um ponto importante num país onde tal prática é ilegal e, portanto, clandestinamente realizada. No presente estudo, analisamos as taxas de mortalidade por causas relacionadas ao aborto entre mulheres de 10 a 54 anos de idade, incluindo aquelas que morreram por abortamentos espontâneos e provocados, de 1980 a 1995, segundo região de residência. As informações utilizadas foram obtidas do banco de dados sobre mortalidade do Sistema Único de Saúde --Ministério da Saúde. Dados sobre população foram obtidos junto à Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Estudaram-se 2 602 óbitos. Do total de óbitos, 15% foram devidos a aborto retido, aborto espontâneo e aborto induzido com indicação legalmente admitida. Oitenta e cinco por cento dos óbitos foram causados por aborto induzido sem indicação legalmente admitida e por aborto sem causa especificada. Os coeficientes de mortalidade por causas relacionadas ao aborto têm decrescido continuamente no Brasil, mas tais avanços têm-se distribuído desigualmente no país. A região que apresentou a menor queda na taxa (38% em 15 anos foi o Nordeste. As mulheres que morreram por aborto tiveram uma média de idade decrescente no período estudado.

  16. Maus-tratos na infância de mulheres vítimas de violência Malos tratos en la niñez de mujeres víctimas de violencia Mistreatment in childhood among female victims of violence

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Arleide da Silva

    2009-03-01

    Full Text Available O presente estudo teve por objetivo identificar os comportamentos de risco de mulheres que presenciaram violência na família durante a sua infância e/ou adolescência e foram vítimas de violência na vida adulta, bem como determinar a prevalência desses casos e o perfil dessas mulheres. As mulheres investigadas eram assistidas no ambulatório de ginecologia do Centro de Atenção à Mulher do Instituto Materno-Infantil Professor Fernando Figueira, um centro de prestação de serviço terciário de saúde localizado no Nordeste do Brasil. O estudo foi um corte transversal e foram realizadas análises uni e bivariada em 619 questionários aplicados. Os resultados indicaram uma elevada prevalência (39,7% de história de violência familiar na infância e/ou adolescência de mulheres vítimas de violência na vida adulta. Concluiu-se que é importante e necessário identificar e assistir as famílias de risco, com o propósito de prevenir a prática de violência, haja vista a relevância da sua transmissão transgeracional.El presente estudio tuvo por objetivo determinar la preponderancia, identificar el perfil y comportamientos de riesgo desarrollados por mujeres que han vivenciado violencia en la familia durante su niñez y/o juventud y han sido víctimas de violencia en la vida adulta. Las mujeres investigadas eran asistidas en el ambulatorio de ginecología de un servicio terciario de salud en Nordeste de Brasil. El estudio fue un corte transversal y se realizó un análisis uni y bivariada en 619 cuestionarios aplicados. Los resultados indicaron una alta preponderancia 39,7% de histórico de violencia familiar en la niñez y/o juventud de mujeres víctimas de violencia en la vida adulta. Se concluyó por la importancia y necesidad de identificación y asistencia a las familias de riesgo, con el propósito de prevenir la práctica de violencia dada la relevancia de la su transmisión transgeracional.The aim of the present study was to

  17. Ocorrência de anticorpos e fatores de risco associados à infecção por Leptospira spp. em Cebus spp. mantidos em cativeiro no Nordeste do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Débora R.A. Ferreira

    2011-11-01

    Full Text Available Estudou-se a ocorrência de anticorpos anti-Leptospira e os fatores de risco associados à infecção em primatas do gênero Cebus mantidos em cativeiro no Nordeste do Brasil. Foram analisadas 139 amostras de soro sanguíneo de diferentes espécies de primatas de ambos os sexos e idades variadas. Para a pesquisa de anticorpos empregou-se a técnica de Soroaglutinação Microscópica (SAM e para estudo dos fatores de risco utilizou-se análise multivariada. Foram observados anticorpos anti-Leptospira, sorovar Patoc em 6,5% dos primatas (09/139. O fator de risco identificado nesse estudo foi a não higienização diária de bebedouros (Odds ratio=12,095; IC 95% = 1,73-84,52; p=0,012,. Conclui-se que a população de Cebus mantidos em cativeiros no Nordeste do Brasil está exposta à infecção por anticorpos anti-Leptospira e que medidas corretivas de manejo dos animais, especificamente aquelas relacionadas à higienização diária de bebedouros devem ser implementadas para reduzir o risco de infecção por sorovares de Leptospira spp.

  18. EMPREENDEDORISMO FEMININO: MULHERES GERENTES DE EMPRESAS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anna Beatriz Cautela Tvrzska de Gouvêa

    2008-09-01

    Full Text Available A realidade da mulher gestora da micro e pequena empresa desperta interesse pelo estudo do gênero feminino no ambiente destas organizações. Analisar as características, considerações e entendimentos de um grupo de mulheres, que participam de uma associação empresarial de comercio e indústria de Santa Catarina, Brasil, constituiu-se no objetivo deste estudo. A pesquisa exploratória, com método qualitativo, foi realizada por meio de entrevista estruturada, com análise de conteúdo. Os resultados evidenciam que as gestoras apresentam idade entre 33 e 54 anos, na maioria casadas e com filhos, e com formação acadêmica de nível superior. A maioria trabalha mais de nove horas por dia. Participam, em média, com 50% do valor no orçamento familiar. Consideram-se, em sua maioria, mulheres de sucesso. Entendem como estratégia a necessidade de conhecimento acerca do negócio e a dedicação à empresa. Os resultados do estudo são semelhantes aos encontrados na literatura de empreendedorismo feminino.

  19. O cinema como pedagogia cultural: significações por mulheres idosas Cinema as cultural pedagogy: meanings by elderly women

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wânia Ribeiro Fernandes

    2010-04-01

    Full Text Available Este artigo, fundamentado no campo dos estudos culturais - sobretudo em noções foucaultianas - e dos estudos feministas, analisa a contribuição do cinema na formação das identidades de gênero de mulheres idosas. Após breve discussão de aspectos relacionados à cultura, ao poder e à conformação das identidades de gênero, buscamos identificar, através das produções discursivas, significados construídos por um grupo de mulheres idosas sobre filmes a que assistiram em sua juventude, evidenciando os efeitos que os discursos dessa mídia exerceram na construção e na produção identitária dessas mulheres.Using the theoretical reference of the cultural studies- mainly some foucauldian and feminist studies notions- this paper focuses upon the influence of films on the construction of gender identities. After a brief discussion on aspects of culture, power and identities formation, the meanings established by a group of elderly women on films they have attended during their youth are analyzed. We bring into evidence the effects that thediscourses present in that media had upon those women's identitary construction and production.

  20. Prevalência de comportamentos alimentares disfuncionais em mulheres idosas

    OpenAIRE

    Gomes, Fabiana Vanessa Silva

    2015-01-01

    Dissertação de mestrado em Psicologia Aplicada (área de especialização em Psicologia Clínica e da Saúde) Comportamentos alimentares disfuncionais são frequentes em jovens, mas pouco se sabe sobre a sua prevalência em mulheres idosas. Este estudo consiste em estudar a prevalência pontual de comportamentos alimentares disfuncionais em mulheres com 65 anos ou mais. Estudo de prevalência constituído por um momento de avaliação de duas fases com 342 mulheres entre os 65 e 94 anos...

  1. Silenciadas: abordagem de notícias sobre mulheres assassinadas no Tocantins

    OpenAIRE

    Miranda, Cynthia Mara; Veloso dos Santos, Cleide das Graças; Anjos, Ana Carolina Costa dos

    2017-01-01

    O artigo verifica o uso do termo feminicídio na cobertura jornalística de homicídios de mulheres, praticados por seus companheiros ou ex-companheiros, por razões da condição do sexo feminino, quando o crime envolve violência doméstica e familiar, bem como o menosprezo ou discriminação à condição de mulher. A amostra é composta por oito matérias veiculadas na versão online do Jornal do Tocantins, especificamente no ano de 2016. Metodologicamente faz uso da Análise de Conteúdo. A pesquisa busca...

  2. Perda e luto: vivências de mulheres que interromperam a gestação por malformação fetal letal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elenice Bertanha Consonni

    2013-09-01

    Full Text Available O presente estudo teve por objetivo conhecer as vivências de luto de mulheres que interromperam a gestação sob autorização judicial, devido à malformação fetal incompatível com a vida. Participaram do estudo dez mulheres atendidas no Setor de Medicina Fetal do Hospital das Clínicas de Botucatu. Para coleta dos dados foi realizada entrevista semiestruturada quarenta dias após a interrupção. As entrevistas foram audiogravadas, transcritas na íntegra e tiveram os dados analisados na perspectiva da análise temática de conteúdo. Os resultados revelaram que as mães buscaram explicações e significados para a perda, sendo muito frequentes respostas religiosas e autoculpabilizantes. Os relatos marcaram sentimentos de tristeza, saudade e sensação de vazio pela perda do filho, revelando também a necessidade das mães de manterem-se ligadas a ele. As mães estavam e continuaram vinculadas aos seus filhos e a interrupção da gestação, embora tenha sido uma escolha para minimizar a dor de uma perda inevitável, não as poupou de vivências de grande sofrimento. O estudo traz subsídios para a discussão e planejamento de abordagens e cuidados com a saúde de mulheres que interrompem a gestação por malformação fetal letal, mediante autorização judicial.

  3. O empoderamento feminino e as mulheres do programa Bolsa Família

    OpenAIRE

    Williams, Priscila

    2016-01-01

    A luta por empoderamento das mulheres remonta às primeiras lutas feministas, mas isso parece ser ainda mais difícil para as mulheres pobres. Neste trabalho, busca-se compreender o processo de empoderamento das mulheres bene ciárias do Programa Bolsa Família, a partir do início do recebimento do benefício. A partir do relato dessas mulheres, pode-se observar que ainda há muito que ser feito para o efetivo rompimento da pobreza. 

  4. Experiência de pessoas que vivem com a Síndrome de Berardinelli-Seip no Nordeste brasileiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Éverson de Brito Damasceno

    Full Text Available Resumo O artigo analisa a experiência de pessoas que vivem com a Síndrome de Berardinelli-Seip no Nordeste brasileiro. Este estudo qualitativo foi desenvolvido com onze interlocutores, sendo nove pessoas vivendo com a síndrome e duas mães. Para coligir as informações, utilizaram-se observação participante, caracterização social e entrevistas semiestruturadas. Os dados foram analisados por meio da técnica de codificação temática. Emergiram duas categorias: (1 ‘o segredo é fechar a boca’: gerenciamento da alimentação na vida cotidiana; e (2 ‘ah, é uma travesti?’ Corpo, gênero e masculinização. Concluiu-se que na experiência dos interlocutores seus agenciamentos e criatividade se traduziram em estratégias para gerenciamento da alimentação que integravam gostos, valores, hábitos, prescrições biomédicas e prazeres envolvidos em situações de comensalidade. No que tange à corporeidade, evidenciou-se que as representações e as experiências com o corpo apresentam desigualdades de gênero, na medida em que a mulher passa a ser alvo privilegiado de estigmas, preconceitos e discriminação na vida adulta.

  5. Parto no domicílio na voz das mulheres : uma perspectiva à luz da humanização

    OpenAIRE

    Kruno, Rosimery Barão; Bonilha, Ana Lúcia de Lourenzi

    2004-01-01

    Trata-se de um estudo descritivo, exploratório, cujo objetivo foi conhecer as vivências, preparação, sentimentos e motivações de mulheres que optaram por partos domiciliares. Participaram da pesquisa dez mulheres que tiveram, pelo menos, uma experiência de parto domiciliar, em Porto Alegre, nos últimos cinco anos. As informações foram coletadas por entrevista semi-estruturada e analisadas segundo a proposta de Minayo. Os dados indicam que as mulheres que optaram por partos domiciliares não ac...

  6. Uma discussão sobre a contribuição das mulheres na disputa por soberania alimentar = A discussion about the contribution of women in the struggle for food sovereignty

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gomes Junior, Newton Narciso

    2013-01-01

    Full Text Available Este artigo discute as possíveis contribuições das mulheres na luta pela construção da soberania alimentar. A metodologia consistiu na revisão teórica associando a categoria racionalidade à luta e interesse das mulheres do campo pela alimentação. Como resultado, obteve-se que, não obstante a histórica falta de visibilidade acerca do papel das mulheres na agricultura, sua postura como sujeitos políticos tem permitido afirmar sua identidade e articular seus interesses, inclusive na disputa por soberania alimentar. Partindo desses resultados, acredita-se que a articulação das mulheres pode trazer ganhos ao desestabilizar os papéis tradicionais de gênero no campo e defender seus interesses no âmbito da agricultura familiar

  7. Women who were burned by their husbands or partners Mujeres quemadas por los maridos o compañeros Mulheres queimadas pelos maridos ou companheiros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Normélia Maria Freire Diniz

    2007-09-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To analyze the affect of domestic violence among women who were burned by their husbands or partners. METHODS: A quantitative descriptive and exploratory study was used. The sample consisted of 35 young black women who had elementary or high school education. RESULTS: Domestic violence causes women to become sick, which leads to major psychological problems, including depression, posttraumatic stress disorder, and suicidal ideation. Care of these women was focused on their physical injuries. CONCLUSIONS: There is a need to enforce public policies regarding domestic violence, and to train health care providers to recognize and provide quality care to victim of domestic violence, which include psychological effects.OBJETIVO: En este estudio se tuvo como objetivo general analizar las lesiones corporales por quemaduras en mujeres y su asociación con la violencia doméstica. MÉTODOS: Se utilizó el estudio descriptivo, exploratorio, cuantitativo. La población estuvo constituida por 35 mujeres, en su mayoría joven, de color negra y con 1º y 2º grado de escolaridad. RESULTADOS: La violencia causa la enfermedad de las mujeres. Sus consecuencias conducen problemas mentales, inclusive depresión, estrés post-traumático y tendencia al suicidio. Las prácticas de los profesionales se limitan al abordaje clínico. CONCLUSIONES: Es preciso fortalecer las políticas públicas de atención a la mujer en situación de violencia, sensibilizando a los profesionales, que componen la red de atención a mujeres, para reconocer la violencia, favoreciendo la quiebra del silencio que presenta la violencia en el espacio privado.OBJETIVO: O estudo teve como objetivo geral analisar as lesões corporais por queimaduras em mulheres e sua associação com a violência doméstica. MÉTODOS: Utilizou-se o estudo descritivo, exploratório, quantitativo. A população foi constituída por 35 mulheres, em sua maioria jovem, de cor negra e com o 1º e o 2º graus

  8. Repercussão da violência na mulher e suas formas de enfrentamento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Cláudia Wendt dos Santos

    2011-08-01

    Full Text Available A violência contra a mulher é um tema complexo pela multideterminação de elementos de análises que nela convergem. Esta pesquisa objetivou caracterizar a repercussão da violência na mulher e suas formas de enfrentamento. O estudo foi exploratório-descritivo e adotou a metodologia qualitativa, sendo as participantes 10 mulheres agredidas que prestaram queixa em uma Delegacia da Mulher. A coleta de dados realizou-se por meio de entrevista semiestruturada, e para a análise dos dados utilizaram-se o software Atlas/ti 5.0 e a Teoria Fundamentada Empiricamente. Identificou-se a repercussão da violência na mulher por meio da insônia, da instabilidade emocional, da ideação suicida, do isolamento social e das estratégias de enfrentamento que foram focados no diálogo com amigos, familiares e colegas de trabalho; na busca de encontros sociais e no uso de medidas, tais como: tentativa de separação, saída de casa e denúncia. Considera-se que os dados obtidos subsidiam e qualificam intervenções e o atendimento de mulheres agredidas.

  9. Histórias de empoderamento: um estudo sobre o processo vivenciado por mulheres que ocupam cargos de alto escalão na administração pública e de empresas em Belo Horizonte

    OpenAIRE

    Gizelle de Souza Mageste

    2008-01-01

    Essa pesquisa teve como objetivo compreender o processo de empoderamento de mulheres que ocupam cargos de alto escalão na administração pública e de empresa em Belo Horizonte. Por meio de entrevistas de história de vida foram investigadas as experiências vivenciadas pelas mulheres entrevistadas buscando compreender o processo por elas empreendido na busca de maior autonomia e empoderamento. A análise dos resultados revelou que o processo de empoderamento é muito complexo e vai muito além d...

  10. A mulher na festa: regras, comportamentos e expectativas em relação às mulheres nos bailes de Rio Grande (década de 1950

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marina Pelissari

    2009-04-01

    Full Text Available Este artigo procura analisar o lugar da mulher nos bailes que aconteciam em Rio Grande na década de 1950. Por meio de “crônicas sociais” do jornal Rio Grande e de depoimentos de algumas freqüentadoras destas festas pode-se ter uma idéia de como se dava a diferenciação entre homens e mulheres nestes espaços e quais eram as regras e o comportamento esperado e adequado para as mulheres.

  11. Kernel smoothing dos dados de chuva no Nordeste

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nyedja F. M. Barbosa

    2014-07-01

    Full Text Available O regime de chuvas sobre o Nordeste do Brasil é bastante complexo, sendo considerado sazonal, além de sofrer fortes influências dos fenômenos El Niño, La Niña e outros sistemas meteorológicos, como o dipolo, atuantes sobre as bacias do oceano Atlântico Tropical. Neste trabalho foi aplicada a técnica matemática-computacional de interpolação do Kernel Smoothing nos dados de precipitação pluvial sobre o Nordeste, coletados no período de 1904 a 1998, provenientes de 2.283 estações meteorológicas. Os cálculos foram desenvolvidos por meio do software "Kernel", escrito em linguagem C e Cuda o que possibilitou fazer a interpolação de mais de 26 milhões de medidas de precipitação pluvial, permitindo gerar mapas de intensidade de chuva sobre toda a região e calcular estatísticas para a precipitação do Nordeste em escalas mensais e anuais. De acordo com as interpolações realizadas foi possível detectar, dentre o período estudado, os anos mais secos e mais chuvosos, a distribuição espacial das chuvas em cada mês, bem como a característica da precipitação pluviométrica em épocas de El Niño e La Niña.

  12. Estereótipos e mulheres na cultura marroquina

    OpenAIRE

    Sadiqi,Fatima

    2008-01-01

    Estereótipos sobre as mulheres no Marrocos podem ser caracterizados como crenças culturais incompletas e inexatas mantidas por algumas pessoas e que se encontram inscritos em expressões lingüísticas ou em discursos subliminares. A cultura popular marroquina emprega representações poderosas para transmitir e sustentar tais estereótipos. Embora existam alguns estereótipos positivos, a maioria dos estereótipos sobre as mulheres no Marrocos é negativa e reflete ditames patriarcais subliminares qu...

  13. Alimentação e codificação social. Mulheres, cozinha e estatuto

    OpenAIRE

    Perez,Rosa Maria

    2012-01-01

    Este artigo tem como base um trabalho etnográfico de longa duração realizado na Índia rural (Gujarate) com um grupo de mulheres Dalit (termo pelo qual são designados os "antigos" intocáveis da Índia) e, por extensão, mulheres de outros grupos sociais. Pretendo analisar a forma como a produção, distribuição e confecção de alimentos funcionam simultaneamente como formas de segregação feminina e de afirmação de poder por parte das mulheres, sobretudo em situações ligadas à fecundidade.This artic...

  14. Saúde sexual de mulheres com estomia na perspectiva da teoria de Nola Pender

    OpenAIRE

    Vilma Villar Martins

    2013-01-01

    O objeto deste estudo são as repercussões do estoma intestinal por Câncer na promoção da saúde sexual de mulheres. A investigação sobre a promoção da saúde sexual da mulher com estoma torna-se instigante frente à condição imposta pela cirurgia, em interface com os constructos sócio-histórico-culturais relacionados aos papéis sociais, os quais podem influenciar na forma como as mulheres promovem sua saúde sexual. Esta pesquisa teve por objetivos: conhecer os aspectos biológicos, psicológicos e...

  15. Recortando e colando as imagens da vida cotidiana do trabalho e da cultura lúdica das meninas-mulheres e das mulheres-meninas da Zona da Mata Canavieira Pernambucana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    MAURÍCIO ROBERTO DA SILVA

    Full Text Available Este texto trata de diversos aspectos macro e microssociais da vida cotidiana das meninas-mulheres e das mulheres-meninas da Zona na Mata Canavieira Pernambucana. Procura mostrar, por um lado, a alienação e o conformismo que se expressam na dura e perversa vida de trabalho precoce, dupla jornada de trabalho e trabalho doméstico dessas meninas e mulheres. Por outro lado, valoriza outros aspectos relacionados à transgressão e resistência da cultura lúdica construídas em surdina na vida cotidiana, para além da alienação e do conformismo, a saber: o lazer/lúdico construído à revelia do sistema patriarcal e do projeto de estranhamento do trabalho capitalista no mundo rural.

  16. Recortando e colando as imagens da vida cotidiana do trabalho e da cultura lúdica das meninas-mulheres e das mulheres-meninas da Zona da Mata Canavieira Pernambucana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    SILVA MAURÍCIO ROBERTO DA

    2002-01-01

    Full Text Available Este texto trata de diversos aspectos macro e microssociais da vida cotidiana das meninas-mulheres e das mulheres-meninas da Zona na Mata Canavieira Pernambucana. Procura mostrar, por um lado, a alienação e o conformismo que se expressam na dura e perversa vida de trabalho precoce, dupla jornada de trabalho e trabalho doméstico dessas meninas e mulheres. Por outro lado, valoriza outros aspectos relacionados à transgressão e resistência da cultura lúdica construídas em surdina na vida cotidiana, para além da alienação e do conformismo, a saber: o lazer/lúdico construído à revelia do sistema patriarcal e do projeto de estranhamento do trabalho capitalista no mundo rural.

  17. Caracterização da dor em mulheres após tratamento do câncer de mama

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vânia Tie Koga Ferreira

    2014-03-01

    Full Text Available Este estudo pretendeu caracterizar e localizar a dor nas mulheres submetidas ao tratamento por câncer de mama. Estudo de caráter exploratório, descritivo, com abordagem quantitativa, pelas medidas de tendência central e percentual. Pesquisa desenvolvida no Núcleo de Ensino e Pesquisa e Assistência na Reabilitação de Mastectomizadas com 30 mulheres. Os dados foram coletados no período de fevereiro a agosto de 2008, por meio de instrumento contendo variáveis capazes de caracterizar e localizar a dor, e foram tratados por meio de média, mediana, moda e desvio-padrão e percentual. Destacou-se que 56,7% mulheres referiram que a dor é diária, 46,7% mulheres referiram que a dor teve início após a cirurgia da mama, e para 40% a dor é constante. Conhecimento, reconhecimento e manejo do sintoma permitem ofertas terapêuticas alternativas para o alívio da dor, minimizando efeitos físicos e emocionais que podem ser causados na vida de mulheres submetidas ao tratamento por câncer de mama.

  18. Avaliação do Parceiro Sexual e Risco de Recidivas em Mulheres Tratadas por Lesões Genitais Induzidas por Papilomavírus Humano (HPV Male Sexual Partner Evaluation and Relapse Risk in Women Treated for Genital Human Papillomavirus (HPV Lesions

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Júlio César Teixeira

    2002-06-01

    Full Text Available Objetivo: estudar a associação entre a avaliação ou não do parceiro e recidivas em mulheres tratadas por lesões por HPV. Métodos: estudo de coorte reconstituído com 144 mulheres com lesões por HPV e cujos parceiros foram avaliados, comparadas com 288 mulheres cujos parceiros não foram examinados, controladas por data do atendimento, idade, grau das lesões e tratamento, todos atendidos entre julho/1993 e março/2000. Avaliaram-se a semelhança entre os grupos, a associação entre a avaliação ou não dos parceiros ou o diagnóstico de lesões com a ocorrência e grau das recidivas nas mulheres e o tempo livre de doença (TLD. Resultados: os grupos foram semelhantes com relação às variáveis de controle. Encontrou-se 9,0% de recidivas nas mulheres cujos parceiros foram avaliados e 5,9% quando os parceiros não foram (p=0,23. Quando se diagnosticaram lesões nos homens, 12,5% das suas parceiras apresentaram recidivas contra 7,3% das parceiras de homens sem lesões (p=0,23, mas sem correlação com o grau da lesão recidivada e TLD. Quando o homem referiu relação conjugal monogâmica de até 12 meses, observou-se 14,9% de recidivas nas mulheres, contra 6,2% para as mulheres cujo parceiro relatou tempo maior (p=0,08. Conclusões: a avaliação do homem não diminuiu o risco de recidivas de lesões por HPV na parceira. A presença de lesões nos parceiros não se correlacionou com a ocorrência e grau das recidivas nas mulheres e TLD. Estas observações não suportam a hipótese de que os homens não avaliados seriam importante causa de recidivas nas parceiras.Purpose: to study the association between the evaluation or not of the male partner and relapses in women treated for HPV lesions. Methods: a reconstituted cohort study with 144 women with HPV lesions and whose partners had been evaluated, compared with 288 women whose partners had not been examined, controlled regarding date of attendance, age, lesion degree and treatment

  19. Largada pelo marido! O estigma vivido por mulheres em Tianguá-CE ¡Dejada por el marido! El estigma vivido por mujeres en Tianguá-Ce Abandoned by her husband! The stigma confronted by women in Tianguá-Ce

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Virginia Moreira

    2007-04-01

    Full Text Available Este artigo descreve um estudo sobre a vivência de rompimento do casamento de mulheres deixadas por seus maridos. Teve como objetivo compreender como mulheres de Tianguá - CE - Brasil vivenciavam a ruptura da relação, descrevendo os fatores reconhecidos como agentes do rompimento da relação amorosa. A partir da experiência vivida morando em Tianguá, nossa hipótese era que essas mulheres vivenciavam o rompimento como uma experiência estigmatizada de desestruturação de sua vida pessoal. Utilizando a metodologia fenomenológica crítica com base na filosofia de Merleau-Ponty, realizamos entrevistas semi-estruturadas com 15 mulheres, com idade entre 25 e 35 anos, que haviam morado com o parceiro e com ele tinham filhos e cuja relação marital tinha se rompido havia pelo menos dois anos. Os resultados confirmaram nossas suspeitas: as mulheres colaboradoras deste estudo se sentiam estigmatizadas, encontrando no corpo um aparato para as emoções que expressavam sua dor e reconhecendo-se como incompetentes e discriminadas pela cultura patriarcal local.Este artículo describe un estudio sobre la vivencia de rompimiento del casamiento de mujeres dejadas por sus maridos. Tuvo como objetivo comprender cómo mujeres de Tianguá-Ce-Brasil vivenciaban la ruptura de la relación, describiendo los factores reconocidos como agentes del rompimiento de la relación amorosa. La partir de la experiencia vivida viviendo en Tianguá, nuestra hipótesis era la de que esas mujeres vivenciaban el rompimiento como una experiencia estigmatizada de desestructuración de su vida personal. Utilizando la metodología fenomenológica crítica, con base en la filosofía de Merleau-Ponty, realizamos encuestas semiestructuradas con 15 mujeres, con edad entre 25 y 35 años, que habían vivido con la pareja y con él tenían hijos y cuya relación matrimonial se había roto hacía por lo menos dos años. Los resultados confirmaron nuestras sospechas: las mujeres

  20. SEXUALIDADE E SAÚDE NA PERCEPÇÃO DO MOVIMENTO DE MULHERES CAMPONESAS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Isaura Isabel Conte

    2015-10-01

    Full Text Available Este texto aborda a concepção de sexualidade e saúde na perspectiva de mulheres do Movimento de Mulheres Camponesas (MMC. Para tanto, considera-se fundamentalmente a inserção das militantes em processos formativos, seus aprendizados e experiências coletivas nas lutas que desencadeiam e sustentam numa organização camponesa e feminista. A pesquisa foi realizada no convívio com mulheres camponesas há mais de dez anos no Estado do Rio Grande do Sul, com base em observação participante e pesquisa documental. Destaca-se, como relevante, que as mulheres camponesas estão modificando modos de pensar sobre si mesmas, seus corpos e sua sexualidade, rompendo estereótipos seja com relação ao corpo de mulher da roça, seja com relação aos atuais padrões de corpo feminino. Assumem a luta por saúde pública com protagonismo entendendo que, mais que um corpo, são corpos pensantes capazes de questionar a sociedade que lhes impõe o consumismo e, por outro lado, propõem mudanças.

  1. Violência doméstica e institucional em serviços de saúde: experiências de mulheres

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Normélia Maria Freire Diniz

    2004-06-01

    Full Text Available Desenvolvido nas capitais Recife, Salvador e Aracaju, em três maternidades públicas, este estudo quantitativo objetivou identificar as manifestações da violência doméstica e institucional na mulher assistida em sub-programas do Programa de Assistência Integral à Saúde da Mulher. Para coleta dos dados, foi utilizado um formulário semi-estruturado. A amostra caracterizou-se por mulheres jovens, domésticas, dependentes economicamente dos companheiros. A maioria das mulheres vivencia a violência conjugal, sendo a dependência financeira o motivo mais mencionado para suportá-la. A falta de vagas caracterizou a violência institucional por omissão. A pesquisa demonstrou que a vivência destas violências traz problemas de saúde para as mulheres, ou os agrava.

  2. O jornal das senhoras e a busca pela emancipação moral e intelectual da mulher brasileira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Itiana Daniela Kroetz

    2015-06-01

    Full Text Available No século XIX a educação destinada às mulheres era quase nula e poucas sabiam ler. Se ler já era considerado perigoso, escrever era muito pior, já que assim as mocinhas podiam grafar bilhetes aos seus pretendentes, ameaçando a paz e a integridade da família patriarcal e pondo em risco a autoridade paterna. Pior ainda era a mulher escrever e publicar textos assinados, isso era considerado um atentado à honra, já que tanto o nome da mulher, quanto sua pessoa, devia se manter dentro do lar. O que se esperava das mulheres era que fossem boas esposas, mães e donas de casa. É nesse momento histórico que surge o Jornal das Senhoras, ao que parece, a primeira publicação brasileira direcionada ao público feminino e escrita por mulheres. O principal objetivo dessa revista era promover a emancipação moral e intelectual da mulher. Porém, não podemos ver a emancipação feminina com um olhar contemporâneo, pois as editoras do Jornal das Senhoras entendiam essa emancipação como sendo a ilustração da mulher. Desse modo, esse estudo pretende apresentar uma contextualização histórica da condição feminina no Brasil, no século XIX, bem como um contraste entre a mulher brasileira e a mulher europeia daquele período. Esse trabalho também trata do surgimento da imprensa feminina no Brasil e caracteriza o Jornal das Senhoras a partir dos textos publicados nessa revista. E é através desses textos que podemos entender o que as editoras desse periódico entendiam por emancipação moral e intelectual da mulher.

  3. Lugar de mulher é em casa?: cotidiano, espaço e tempo entre mulheres de famílias de pescadores

    OpenAIRE

    ANDERSON, Kirla Korina dos Santos

    2007-01-01

    Trata da compreensão da participação de homens e mulheres na manutenção doméstica de famílias de pescadores no Distrito de Icoaraci, município de Belém/PA. Para isso, observei, analisei e interpretei como organizam as atividades em casa e na pesca, partindo das expectativas que influenciam suas práticas cotidianas por gênero e dando atenção, especialmente, para os espaços freqüentados e organização do tempo pelas mulheres. Como procedimento metodológico, utilizei dados do Anuário ...

  4. TRAJETÓRIA DOS NÚCLEOS DE ESTUDOS DA MULHER E RELAÇÕES DE GÊNERO INTEGRANTES DA REDOR

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mayanne Júlia Tomaz Freitas

    2015-10-01

    Full Text Available Esta pesquisa, de caráter bibliográfico e documental, objetivou recuperar a trajetória e a memória dos núcleos e grupos de estudos de gênero articulados à Rede Feminista Norte e Nordeste de Estudos e Pesquisas sobre Mulher e Relações de Gênero – REDOR, destacando: histórico e características da inserção institucional; caracterização das/os integrantes, inclusive por área de conhecimento; linhas e projetos de pesquisa; ações de extensão e formação; intervenções na política institucional; parcerias e intervenções sociais. Inicialmente, tratamos da importância da criação de núcleos, grupos e redes de pesquisa focados na temática, que surgem para legitimar um novo campo de conhecimento. Em seguida apresentamos os dados que foi possível coletar sobre 35 núcleos e grupos. Concluímos que a REDOR é de grande relevância para essas regiões, uma vez que propicia o intercâmbio de conhecimentos, no contexto da luta pela equidade de gênero.

  5. MULHERES BUDISTAS COMO LÍDERES E PROFESSORAS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rita M. Gross

    2005-01-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.1590/S0104-026X2005000200015 No budismo, o papel do professor de dharma (religioso é a função mais prestigiosa, e o professor de dharma tem mais autoridade do que qualquer outro líder. Apesar de os ensinamentos budistas não conterem nenhuma doutrina que limite essa função ao homem, na prática, em toda a história budista, foram pouquíssimas as mulheres que se tornaram conhecidas como professoras de dharma. Algumas pessoas acham que essas práticas não prejudicam as mulheres, porque estas podem, ainda assim, receber os ensinamentos, fazer as práticas mais avançadas e obter altos níveis de esclarecimento espiritual. Contudo, eu afirmo que o fato de não haver professoras de dharma reconhecidas foi nocivo seja para as mulheres budistas, seja para o próprio budismo. Isso tem a ver com o legado das comunidades de monjas em muitas partes do mundo budista, com os baixos padrões de educação para as mulheres, com o fraco prestígio de que gozam as praticantes mulheres, com a falta de modelos para as mulheres e com a perda da sabedoria feminina na herança do pensamento budista. Até que as professoras de dharma não forem amplamente reconhecidas e honradas, o budismo continuará sendo perseguido por seu passado patriarcal, com o prejuízo de todos.

  6. Os direitos da mulher à terra e os movimentos sociais rurais na reforma agrária brasileira

    OpenAIRE

    Deere,Carmen Diana

    2004-01-01

    Este artigo examina a evolução da reivindicação dos direitos da mulher à terra na reforma agrária brasileira sob o prisma dos três principais movimentos sociais rurais: o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), os sindicatos rurais e o movimento autônomo de mulheres rurais. O mérito maior por levantar a questão dos direitos da mulher à terra é das mulheres dentro dos sindicatos rurais. Os direitos formais das mulheres à terra foram conseguidos na reforma constitucional de 1988, e ...

  7. O consumo de pornografia na internet numa amostra de mulheres Portuguesas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria João Gaspar

    2012-07-01

    Full Text Available Objetivo: Analisar e identificar alguns comportamentos sexuais relacionados com o consumo de pornografia online numa amostra de mulheres portuguesas. Método: Neste websurvey participaram 216 mulheres (Média de idade = 27,89; DP = 6,40; máx. = 58; mín. = 18 respondendo a um questionário online acerca do seu consumo de pornografia online e comportamentos sexuais associados. O estudo foi divulgado através do método snowball via e-mail e em diversos chatrooms em diferentes horas do dia e da noite. Resultados: 56,9% das mulheres já visitou sites pornográficos e 7% gasta mais de 6 horas por semana nesta atividade. Entretenimento, curiosidade e obtenção de excitação sexual são as principais motivações para este comportamento. Os resultados revelam ainda uma enorme diversidade de conteúdos pornográficos procurados. Conclusão: Este estudo mostra que a Internet pode ser uma ferramenta usada por algumas mulheres para o consumo de pornografia, com uma diversidade de objetivos e de conteúdos, e permite a identificação de alguns tópicos para futura investigação.

  8. Conhecimentos e sentimentos de mulheres que vivenciaram um processo de abortamento - doi:10.5020/18061230.2008.p144

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tereza Cristina Vidal Menezes

    2012-01-01

    Full Text Available Objetivo: Identificar o conhecimento e sentimentos de mulheres diante da perda de seu filho por um processo de abortamento. Método: Estudo descritivo, com abordagem qualitativa, realizado em uma maternidade-escola de Fortaleza-CE. Participaram dez mulheres, que estiveram internadas na maternidade após abortamento, induzido ou espontâneo. A coleta de dados foi realizada com uma entrevista semi-estruturada, tendo questões norteadoras relacionadas ao conhecimento e sentimentos das mulheres a partir da vivência de um processo de abortamento. Resultados: Foram entrevistadas dez mulheres, na faixa etária entre 22 e 39 anos, e destas, sete eram solteiras; seis possuíam o ensino médio e seis possuíam uma renda familiar superior a um salário mínimo. A partir dos dados obtidos percebeu-se um déficit de conhecimento acerca da definição e conseqüências do aborto, embora todas as entrevistadas o tenham provocado. Em relação aos sentimentos, as mulheres, ao saberem de sua gravidez, apresentaram vários sentimentos que se entrelaçam entre tristeza, medo, confusão e até mesmo alegria. Em relação ao arrependimento, 50% das mulheres se arrependeram do ato cometido, porém não tinham condições sócio-econômicas de criar e educar um filho, além de não terem apoio familiar nesta responsabilidade. Considerações Finais: Detectou-se que os sentimentos influenciaram as ações, mesmo que inconscientemente, das mulheres pesquisadas, que, ao saberem de sua gravidez, foram tomadas por vários sentimentos, porém, a decisão de abortar apresentou maior magnitude, baseada na realidade de suas vidas.

  9. Saberes relacionados ao autocuidado entre mulheres da área rural do sul do brasil

    OpenAIRE

    Thum, Moara Ailane; Ceolin, Teila; Universidade Federal de Pelotas; Borges, Anelise Miritz; Heck, Rita Maria; Universidade Federal de Pelotas

    2011-01-01

    Este estudo teve por objetivo conhecer as ações de autocuidado de um grupo de mulheres rurais do município de Pelotas, Rio Grande do Sul. Tratou-se de uma pesquisa qualitativa, com 11 mulheres, residentes na área rural do município. A coleta de dados ocorreu entre maio e junho de 2010, através de entrevista semiestruturada. Foi realizada a análise de conteúdo por temas. As informantes mais antigas participam do grupo na comunidade há 12 anos, realizando trabalhos manuais e trocas de saberes s...

  10. Risco da radiação ionizante em mulheres férteis submetidas à ablação por radiofrequência

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo Glotz de Lima

    2013-11-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A Comissão Internacional de Radiologia indica rastreamento com teste de gravidez a todas pacientes do gênero feminino em período fértil que serão submetidas a exame radiológico. Sabe-se que a radiação é teratogênica e que seu efeito é cumulativo. O potencial teratogênico inicia-se com doses próximas às das utilizadas durante esses procedimentos. Não se sabe a prevalência de teste de gravidez positivo em pacientes submetidos a estudo eletrofisiológico e/ou à ablação por cateter em nosso meio. OBJETIVO: Avaliar a prevalência de teste de gravidez positivo em pacientes do gênero feminino encaminhadas para estudo eletrofisiológico e/ou ablação por radiofrequência. MÉTODOS: Estudo transversal com análise de 2.966 pacientes submetidos a estudo eletrofisiológico e/ou ablação por cateter, de junho 1997 a fevereiro 2013, no Instituto de Cardiologia do Rio Grande do Sul. Foram realizados 1.490 exames em mulheres sendo que, destas, 769 encontravam-se em idade fértil. Todas as pacientes foram rastreadas com teste de gravidez no dia anterior ao procedimento. RESULTADOS: Detectou-se positividade do teste em três pacientes, impossibilitando a realização do exame. Observou-se prevalência de 3,9 casos por 1.000 mulheres em idade fértil. CONCLUSÃO: Devido ao baixo custo e à segurança, indica-se a realização de teste de rastreamento para gravidez a todas pacientes em idade fértil, uma vez que o grau de radiação ionizante necessária nesse procedimento é muito próximo ao limiar de teratogenicidade, principalmente no primeiro trimestre, quando os sinais de gestação não são exuberantes.

  11. Setor de turismo, desenvolvimento econômico e desigualdade de renda: um estudo para a Região Nordeste do Brasil, a partir da matriz insumo-produto inter-regional

    OpenAIRE

    Souza, Poema Isis Andrade de

    2014-01-01

    O setor de turismo tem chamado atenção no cenário internacional devido ao elevado crescimento das atividades turísticas no mundo. Nesse contexto, o Nordeste do Brasil possui grandes vantagens comparativas, pois é uma região com dotação de fatores propícios ao aproveitamento econômico dessas atividades, como, por exemplo, o litoral extenso formado por belas praias. Assim, neste estudo foram analisadas as participações das atividades turísticas na economia do Nordeste e suas relações intersetor...

  12. A discriminação de mulheres travestis e transexuais no mercado de trabalho

    OpenAIRE

    Licciardi, Norma; Waitmann, Gabriel; Oliveira, Matheus Henrique Marques de

    2015-01-01

    Mulheres travestis e transexuais brasileiras sofrem o desamparo no meio familiar, acadêmico, laboral e social desde o momento em que assumem sua identidade transgênera. Para melhorar essa realidade, cabe olharmos através do viés social dos Recursos Humanos e estudar a inclusão dessas mulheres no mercado formal de trabalho, em contrapartida às estatísticas que reduzem esse contingente populacional à prostituição ou a empregos informais. Por meio de depoimentos colhidos com mulheres transgênera...

  13. Homens apenados e mulheres presas: estudo sobre mulheres de presos Convicted men and imprisoned women: a study on the wives of prisoners

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristian Fabiano Guimarães

    2006-12-01

    Full Text Available Esta pesquisa teve por objetivo conhecer as mulheres de um grupo de apenados e identificar as discriminações que elas sofrem, incluindo as de gênero. Buscamos identificar os possíveis estigmas relacionados à situação de aprisionamento e as estratégias de resistência utilizadas por estas mulheres no cotidiano. A metodologia da pesquisa é qualitativa e as informações foram obtidas por meio de observação participante e de grupos focais com mulheres de presos albergados em um presídio de uma cidade da Região Metropolitana de Porto Alegre-RS, em regime semi-aberto. As mulheres dos apenados se submetem a situações de controle, baseadas nos sistemas de dominação de classe e de gênero. O estigma em relação a este grupo social apareceu nas entrelinhas dos depoimentos, porém as mulheres resistem ativamente às violências, apoiando-se em redes de parentesco e de vizinhança. A precariedade de redes de apoio social e a falta de informação e acesso ao mercado de trabalho contribuem para a marginalização do apenado e de sua família, deixando clara a importância de estudos que busquem a inclusão deste grupo social.The objective of this research was to know the wives of a group of convicted men, serving their time partially at home, and to identify the discriminations they had to go through, including those of gender. We searched to identify the possible labeling for having a convicted relative and the strategies of resistance that these women use in everyday life. The research method is qualitative and information was obtained by means of participation-observation and focal groups with the wives of convicts in a prison facility in the metropolitan region of Porto Alegre, RS, in a semi-open regime. The wives of convicts submit themselves to situations of control, based on the systems of class and gender domination. From our analysis, the labeling in relation to this social group was found in-between the lines, in other words

  14. Experiências de parentalidade como fatores geradores de sofrimento em mulheres

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabíola Langaro

    2015-08-01

    Full Text Available Durante o trabalho realizado por meio de um Projeto de Extensão em Saúde Mental na Grande Florianópolis, percebeu-se que o relato de sofrimento das mulheres participantes estava relacionado às suas ex periências de maternidade e paternidade. A partir desta problemática, foi realizada uma pesquisa com o objetivo de compreender de que forma as experiências de parentalidade estavam se constituindo em fatores geradores de sofrimento naquelas mulheres. Para tanto, realizaram-se cinco entrevistas individuais e um grupo focal. Os dados coletados foram discutidos em quatro categorias de análise, tendo sido destacado que o sofrimento das participantes estava relacionado principalmente à vivência da parentalidade a partir de modelos tradicionais de gênero, caracterizados pela centralidade do perfil de mãe; às diferenças na responsabilidade pela educação dos filhos/filhas, assumida por homens e mulheres; à idade dos filhos/filhas e, finalmente, à vivência de dúvidas e incertezas que nem sempre podem ser mediadas em seu cotidiano.

  15. Narrativas sobre conjugalidade de mulheres que se relacionam com crossdressers

    OpenAIRE

    Vencato, Anna Paula

    2017-01-01

    Resumo: Este texto discute dados coletados em pesquisa com mulheres que se identificam como “esposas” ou “S/O’s” de homens que “praticam crossdressing”. É, também, um desdobramento de minha tese de Doutorado, sobre como homens que se identificam como crossdressers negociam esta prática em suas vidas cotidianas. A pesquisa parte de uma etnografia e é complementada por entrevistas semiestruturadas com estas mulheres. Busca-se compreender como elas lidam com as tensões relativas às convenções so...

  16. Fatores associados à violência contra mulheres profissionais do sexo de dez cidades brasileiras

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisca Sueli da Silva Lima

    Full Text Available Resumo: No Brasil, há um limitado número de estudos sobre violência contra mulheres profissionais do sexo, tema que vem instigando pesquisadores em todo o mundo, estimulados principalmente por possíveis associações desta com o HIV. Este trabalho objetiva estimar a prevalência de violência contra mulheres profissionais do sexo, segundo natureza e perpetrador, e identificar os fatores associados. Foi realizado um estudo transversal com dados de 2.523 mulheres profissionais do sexo de dez cidades brasileiras, recrutadas pelo método respondent-driven sampling (RDS. Os resultados mostraram que a prevalência de violência verbal foi de 59,5%; violência física 38,1%; sexual 37,8%. Violência física por parceiro íntimo, 25,2%; por clientes, 11,7%. Dentre os fatores associados à violência física estão: idade < 30 anos (ORa = 2,27; IC95%: 1,56-3,29; uso de drogas (ORa = 2,02; IC95%: 1,54-2,65; valor do programa até R$ 29,00 (ORa = 1,51; IC95%: 1,07-2,13. Conclui-se que as mulheres profissionais do sexo brasileiras vivenciam uma carga desproporcional de violência. Identificar fatores de vulnerabilidade é fundamental para as intervenções que garantam direitos humanos e controle do HIV.

  17. Mulheres idosas: desvelando suas vivências e necessidades de cuidado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Miriam Aparecida Barbosa Merighi

    2013-04-01

    Full Text Available Estudo qualitativo com abordagem da fenomenologia social que objetivou a compreensão da vivência da mulher idosa, suas necessidades de cuidado e expectativas nesse período da vida. Participaram nove mulheres, cujos depoimentos foram obtidos de fevereiro a maio de 2011, por meio de entrevista semiestruturada. A mulher idosa refere limitações de ordem física, mental e social, e valoriza a preservação de sua autonomia nas atividades diárias e no cuidado consigo mesma. Refere a família como suporte fundamental e tem expectativas e necessidades de se manter saudável, da busca pelo lazer e de ter melhor acesso aos serviços de saúde para receber informações e atendimento qualificado. Nessa fase, a ausência de perspectivas relaciona-se à perda de pessoas significativas e da saúde. Este estudo revelou facetas da vivência da mulher idosa, suscitando novas investigações e a adequação do ensino, prática e gestão às reais necessidades dessa mulher.

  18. Lifestyle changes after osteoporotic fractures in elderly women Mudanças dos hábitos de vida após fratura por osteoporose em mulheres idosas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Medeiros Pinheiro

    2003-10-01

    ção idosa. MÉTODOS: para avaliar se mulheres com osteoporose modificam seus hábitos de vida após a fratura, selecionamos 518 mulheres idosas caucasianas de nosso Serviço Ambulatorial de Reumatologia (122 com fratura, que foram seguidas por um ano. O questionário de avaliação foi baseado no European Vertebral Osteoporosis Study (EVOS e contém tópicos relacionados com queda, massa óssea e fratura. Radiografias lateral da coluna torácica e lombar foram realizadas de acordo com protocolo padrão para verificar fratura vertebral. Densidade mineral óssea foi medida por meio de densitômetro Lunar DPX, Madison, WI. O comportamento das mulheres foi analisado antes e após a fratura. RESULTADOS: antes da fratura, 34% das mulheres tinham pior percepção da saúde, 40,2% caminhavam pelo menos meia hora por dia, 14,7% usavam bengalas, 56,6% queixavam-se de tonturas, 59,6% possuíam tapetes espalhados pela casa, 78,9% usavam transporte público, 21,1% utilizavam transporte privado (carro e 36,8% usavam solado de couro e não de borracha. Após a fratura, 66,4% das mulheres tinham pior percepção da saúde; 69,7% ficaram mais sedentárias, 27,9% usavam mais bengalas, 63,4% queixavam-se de mais tonturas, 38,3% tinham retirado os tapetes de casa, 68,1% trocaram o transporte público por privado e 55,7% modificaram o solado dos sapatos de couro para borracha. Fatores de risco relacionados com a massa óssea não foram modificados após a fratura. CONCLUSÕES: estes achados sugerem que mulheres idosas modificam somente os hábitos de vida relacionados com quedas, mas não aqueles relacionados com a massa óssea após a fratura por osteoporose. Pesquisas são necessárias a fim de avaliar quais estratégias de intervenção podem ocasionar melhores resultados na prevenção de fraturas por osteoporose.

  19. Violência por parceiro íntimo na gestação: identificação de mulheres vítimas de seus parceiros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lisiane Camargo Quialheiro de Oliveira

    Full Text Available RESUMO Objetivo Identificar, entre as usuárias de um serviço de atendimento pré-natal, mulheres em situação de violência por parceiro íntimo durante a gestação atual. Métodos Estudo observacional, transversal, realizado com 358 gestantes a partir da 36ª semana de gestação de maio/2012 a maio/2013 em um serviço de pré-natal no município de Ribeirão Preto-SP. Os dados foram coletados através de entrevista. Empregou-se análise univariada, distribuição de frequências, medidas de tendência central e variabilidade, e testes qui-quadrado e t de Student. Resultados A violência por parceiro íntimo durante a gestação foi identificada em 63 mulheres (17,6%, com idade entre 15 e 42 anos, a maioria solteira. 39,7% pertenciam à religião católica, a maioria não estava inserida no mercado de trabalho, e 87,3% referiram não fumar. Apenas 20 consideraram terem sofrido algum tipo de violência durante a vida. Conclusão Esta identificação proporcionará o desenvolvimento de estratégias para reconhecer e intervir nos casos e dar o apoio necessário às vítimas.

  20. Adubos verdes: alternativa para agricultores familiares no nordeste paraense

    OpenAIRE

    Brito, Charles Ramon de M.; Silva, Paulo Henrique S.; Costa, Jorge Luís P.; Silva, Antonio Max Lima da; Saldanha, Eduardo César M.; Nobre, Henderson G.

    2015-01-01

    No Estado do Pará, a busca por estratégias acessíveis e de baixo custo para a adubação dos cultivos e controle de plantas espontâneas são de extrema importância para o desenvolvimento da agricultura familiar. Visando construir e consolidar tais estratégias foi desenvolvido o presenta trabalho no ano de 2014, no nordeste paraense no município de Capitão Poço/Pará/Brasil. Inicialmente foram realizadas oficinas, palestras e dias de campo para sensibilização dos agricultores. Em seguida foi propo...

  1. Subalternidade de gênero: refletindo sobre a vulnerabilidade para violência doméstica contra a mulher

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Laura Christina Macedo Piosiadlo

    2014-12-01

    Full Text Available Objetivo: Este artigo tem o objetivo de refletir sobre a violência de gênero praticada contra a mulher no espaço intrafamiliar, sobretudo, a relação entre a subalternidade de gênero no âmbito familiar e a vulnerabilidade para este tipo de violência. Resultados: A subalternidade de gênero e a violência contra mulher apresentam-se entrelaçadas na história e, conformam-se por meio da construção de gênero nas sociedades. As mulheres formam um grupo que é violentado, constantemente, e de diversas maneiras, como, agressões e abusos físicos, verbais e sexuais cometidos por parceiros ou ex-parceiros, familiares, amigos, desconhecidos, por instituições públicas ou pelo Estado. Conclusão: Para que os serviços de saúde possam se antecipar às doenças e agravos decorrentes da violência doméstica é essencial compreender os aspectos relacionados à vulnerabilidade da mulher para a violência, como um indicador da iniquidade e da desigualdade social que supera o conceito probabilístico de risco.

  2. Estimativas corrigidas de feminicídios no Brasil, 2009 a 2011

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leila Posenato Garcia

    2015-05-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estimar as taxas de feminicídios corrigidas e apresentar o perfil desses óbitos no Brasil durante o triênio de 2009 a 2011. MÉTODOS: Foi realizado estudo descritivo com dados do Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM. Foram considerados como feminicídios os óbitos de mulheres cuja causa básica foi classificada nos códigos X85-Y09 da CID-10 (agressões. Esses dados foram corrigidos em duas etapas: redistribuição proporcional dos eventos cuja intenção é indeterminada (Y10-Y34 e aplicação de fatores de correção das taxas de mortalidade descritos anteriormente na literatura. RESULTADOS: No período analisado, foram registrados 13 071 feminicídios no SIM. Após a correção, estimou-se a ocorrência de 17 167 feminicídios, o que equivale a uma taxa de 5,86 óbitos por 100 000 mulheres. Taxas mais elevadas foram observadas nas regiões Nordeste, Centro-Oeste e Norte (6,93, 6,88 e 6,43 óbitos por 100 000 mulheres, respectivamente, enquanto as mais baixas foram nas regiões Sul e Sudeste (5,07 e 5,09 óbitos por 100 000 mulheres, respectivamente. Entre as vítimas, 29,7% tinham entre 20 e 29 anos; 60,9% eram negras; 48% daquelas com 15 ou mais anos de idade tinham até 8 anos de estudo. Houve envolvimento de armas de fogo em 50,2% das mortes; 27,6% ocorreram no domicílio e 35,1% aos finais de semana. CONCLUSÕES: As taxas de feminicídios foram elevadas e corroboram a necessidade de correção, visando a reduzir a subestimação. As vítimas foram mulheres de todas as faixas etárias, etnias e níveis de escolaridade. Todavia, as principais vítimas foram mulheres jovens, negras e com baixa escolaridade, residentes nas regiões Nordeste, Centro-Oeste e Norte.

  3. Mulheres no jornalismo nipo-brasileiro. Discursos, identidade e trajetórias de vida de jornalistas

    OpenAIRE

    Cristina Miyuki Sato Mizumura

    2011-01-01

    Esta pesquisa discute a multiplicidade de discursos sobre a identidade das mulheres nikkeis no Brasil pela perspectiva do jornalismo produzido na comunidade de imigrantes japoneses e descendentes. Para a análise foram utilizados o suplemento Página Um, a revista Arigatô e o tablóide Japão Agora, por apresentarem reportagens em português que contrariaram alguns estereótipos da mulher japonesa e nikkei. Apesar de serem exceções ao discurso hegemônico que louvava a mulher nipônica abnegada e sub...

  4. Respostas a auto cuidado de mulheres brasileiras em perimenopausa estudo piloto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marli Villela Mamede

    1991-09-01

    Full Text Available Este estudo teve como objetivo testar a validade e confiabilidade do questionário de respostas ao auto cuidado (SCRQ em outras culturas e países além dos Estados Unidos - especificamente, foi de avaliar a possibilidade de uso do instrumento entre mulheres brasileiras em perimenopausa. Durante o processo de tradução para a língua portuguesa, algumas modificações foram realizadas no SCRQ. O instrumento traduzido foi aplicado durante entrevistas individuais - face a face - com 38 mulheres brasileiras. Os resultados da análise das respostas das mulheres mostraram que o SCRQ é confiável, culturalmente apropriado e adaptado, e assim pode ser empregado para medir padrões de respostas de auto cuidado entre mulheres brasileiras perimenopausais. Este estudo piloto demonstrou que a experiência da mulher em relação à menopausa e o conhecimento e interesse que ela tem sobre o assunto variam de pessoa para pessoa. Foram identificadas outras questões não abordadas pelo SCRQ que merecem ser investigadas, como por exemplo a quantidade e qualidade da atividade sexual durante todo o período menopausal.

  5. Aborto provocado e violência doméstica entre mulheres atendidas em uma maternidade pública de Salvador-BA

    OpenAIRE

    Diniz, Normélia Maria Freire; Gesteira, Solange Maria dos Anjos; Lopes, Regina Lúcia Mendonça; Mota, Rosana Santos; Pérez, Bárbara Angélica Gómez; Gomes, Nadirlene Pereira

    2011-01-01

    Estudo quantitativo, com o objetivo de estudar a violência doméstica em mulheres em situação de aborto provocado. Foram entrevistas 147 mulheres internadas por aborto provocado numa maternidade pública, na cidade de Salvador-BA. Os sujeitos foram, na maioria, mulheres jovens, negras, com baixa escolaridade, dependentes economicamente dos cônjuges, que vivenciam violência psicológica, física e sexual cometida pelos cônjuges. Quase metade das mulheres vivenciou violência doméstica durante a gra...

  6. Determinantes psicossociais da dor sexual na mulher portuguesa

    OpenAIRE

    Oliveira, Cátia Margarida dos Santos Pereira de

    2013-01-01

    A dor é uma experiência perceptualmente complexa, influenciada por um conjunto variado de fatores biológicos e também psicossociais. A sua vivência varia de pessoa para pessoa, havendo diferentes níveis de impacto no funcionamento emocional, interpessoal, motivacional e físico. A dor sexual, mais conhecida por dispareunia e vaginismo, é uma problemática de natureza habitualmente crónica que afeta muitas mulheres. Apesar de ser um importante alvo de estudo nas últimas décadas...

  7. O estigma da violência sofrida por mulheres na relação com seus parceiros íntimos

    OpenAIRE

    Moreira,Virginia; Boris,Georges Daniel Janja Bloc; Venâncio,Nadja

    2011-01-01

    Este artigo descreve uma pesquisa sobre o estigma da violência sofrida pelas mulheres na relação com seus parceiros íntimos. Focaliza a compreensão de quais fatores determinantes na relação agressivo-abusiva concorrem para que as mulheres sintam tanta dificuldade de denunciar seus agressores. Fizemos uso do método fenomenológico crítico mundano e, como instrumento, usamos entrevistas áudio-gravadas. Os resultados mostram que essas mulheres suportam várias modalidades de violência na relação c...

  8. Diabetes gestacional na perspectiva de mulheres grávidas hospitalizadas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcio Flávio Moura Araújo

    Full Text Available Estudo qualitativo fenomenológico, que teve como objetivo compreender o significado das experiências vivenciadas por mulheres com diabetes mellitus gestacional. Participaram 12 pacientes internadas em uma maternidade de Fortaleza-CE, Brasil, que manifestaram seus sentimentos e percepções por meio de entrevista aberta e desenhos. O material empírico foi transcrito na íntegra e, posteriormente, organizado e analisado pelo método fenomenológico. Os resultados evidenciaram dois temas: (1 Vivenciando experiências que trazem felicidade e bem-estar e (2 Vivenciando experiências que provocam sofrimento. Este estudo fenomenológico, ao possibilitar apreender a experiência das mulheres com diabetes mellitus gestacional, contribui para o planejamento e a implementação de programas de intervenção baseados em um modelo de saúde participativo, com vistas a priorizar os aspectos subjetivos envolvidos na gravidez de risco.

  9. Diabetes gestacional na perspectiva de mulheres grávidas hospitalizadas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcio Flávio Moura Araújo

    2013-04-01

    Full Text Available Estudo qualitativo fenomenológico, que teve como objetivo compreender o significado das experiências vivenciadas por mulheres com diabetes mellitus gestacional. Participaram 12 pacientes internadas em uma maternidade de Fortaleza-CE, Brasil, que manifestaram seus sentimentos e percepções por meio de entrevista aberta e desenhos. O material empírico foi transcrito na íntegra e, posteriormente, organizado e analisado pelo método fenomenológico. Os resultados evidenciaram dois temas: (1 Vivenciando experiências que trazem felicidade e bem-estar e (2 Vivenciando experiências que provocam sofrimento. Este estudo fenomenológico, ao possibilitar apreender a experiência das mulheres com diabetes mellitus gestacional, contribui para o planejamento e a implementação de programas de intervenção baseados em um modelo de saúde participativo, com vistas a priorizar os aspectos subjetivos envolvidos na gravidez de risco.

  10. Pobreza multidimensional nos municípios da Região Nordeste

    OpenAIRE

    Ottonelli,Janaina; Mariano,Jorge Luiz

    2014-01-01

    Na abordagem das capacitações de Sen (1981, 1985, 2000, 2001), a pobreza significa privação em diferentes aspectos da vida. O objetivo deste estudo é mensurar a pobreza multidimensional nos municípios da Região Nordeste por meio da teoria dos conjuntos fuzzy e dados do Censo Demográfico (IBGE, 2010). São utilizados 19 indicadores (funcionamentos) distribuídos em quatro dimensões: educação, saúde, condições habitacionais e renda. Os resultados indicam pobreza, com destaque nas dimensões da ren...

  11. Dificuldade sexual vivenciada por mulheres em crise de HIV-1 La dificultad sexual vivida por mujeres en crisis de HIV-1 Sexual problems experienced by women in an HIV-1 crisis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mara Rúbia Ignácio de Freitas

    2000-07-01

    Full Text Available Esta pesquisa de caráter descritivo insere-se nos pressupostos dos métodos qualitativos de investigação, sendo fundamentada pela Teoria da Crise preconizada por CAPLAN (1966. Teve como objetivo identificar as dificuldades sexuais vivenciadas por mulheres em crise de HIV-1. Os dados foram coletados através de entrevista semi-estruturada, gravada segundo FREITAS et al. (1992 e analisados segundo MEIHY (1996. Concluímos que as mulheres mantiveram o desequilíbrio, apresentando mecanismos de enfrentamento negativo. Acreditamos que é possível ajudá-las através de ações de enfermagem adequadas tais como atividades educativas, de orientação mas principalmente aquelas dirigidas para atender as necessidades apresentadas pela pessoa em crise de HIV-1.Esta investigación de carácter descriptivo se inserta en los presupuestos de los métodos cualitativos de investigación, y se base en la teoría de la crisis defendida por CAPLAN (1966. Tuvo como objetivo identificar las dificultades sexuales vividas por las mujeres en crisis de HIV-1. Los datos fueron recolectados a través de una entrevista semi-estructurada, grabada según FREITAS et. al. (1992 y analizados según MEIHY (1996. Concluimos que las mujeres mantuvieron el desequilibrio, presentando mecanismos de enfrentamiento negativo. Creemos que es posible ayudarlas a través de acciones de enfermería adecuadas tales como actividades educativas, de orientación y principalmente aquellas dirigidas para la atención de las necesidades presentadas por la persona en crisis de HIV-1.This descriptive study was based on the assumptions of qualitative investigation methods and on the Crisis Theory formulated by CAPLAN (1966. The objective of the study was to identify the sexual problems experienced by women undergoing an HIV-1 crisis. Data were collected through a semi-structured interview recorded by the method of FREITAS et al. (1992 and analyzed by the method of MEIHY (1996. Authors concluded

  12. Incontinência urinária entre mulheres climatéricas brasileiras: inquérito domiciliar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guarisi Telma

    2001-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Por inquérito populacional domiciliar, investigar a prevalência de incontinência urinária de esforço e os fatores a ela associados em mulheres climatéricas. MÉTODOS: Realizou-se análise secundária de dados de um inquérito populacional domiciliar sobre o climatério e a menopausa em mulheres do município de Campinas, SP, Brasil. Foram selecionadas, por meio de estudo descritivo e exploratório de corte transversal, por processo de amostragem, 456 mulheres, na faixa etária de 45 a 60 anos de idade. Exploraram-se a queixa de incontinência urinária e os fatores de risco possivelmente relacionados -- idade, estrato socioeconômico, escolaridade, cor, paridade, tabagismo, índice de massa corpórea, cirurgias ginecológicas anteriores, estado menopausal e uso de terapia de reposição hormonal. Os dados foram coletados por entrevistas domiciliares, com questionários estruturados e pré-testados, adaptados pelos autores e fornecidos pela Fundação Internacional de Saúde, pela Sociedade Internacional de Menopausa e pela Sociedade Norte-Americana de Menopausa. A análise dos dados foi realizada por razão de prevalência (IC 95%. RESULTADOS: Das mulheres entrevistadas, 35% referiram perda urinária aos esforços. Nenhum dos fatores sociodemográficos estudados se mostrou associado ao risco de incontinência urinária. Também a paridade não alterou significativamente esse risco. Outros fatores como cirurgias ginecológicas anteriores, índice de massa corpórea e tabagismo não se mostraram associados à prevalência de incontinência urinária. O estado menopausal e o uso de terapia de reposição hormonal não modificaram o risco de incontinência urinária de esforço. CONCLUSÃO: Apesar de a prevalência de incontinência urinária em mulheres climatéricas ter sido alta, não se mostrou associada aos fatores socioeconômicos e reprodutivos abordados.

  13. A vida enquanto figura e o envelhecimento enquanto fundo desejo, erotismo e sexualidade em mulheres maduras

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mirela Berger

    2012-12-01

    Full Text Available O artigo é parte de minha pesquisa de pós-doutorado sobre sexualidade em mulheres idosas. O objetivo central é pensar o seguinte nó teórico: por um lado, a sexualidade tem sido alardeada como fundamental para um bom envelhecimento, por outro, torna-se um discurso normativo que associa “velhice saudável” com sexualidade, o que, além de criar a imagem de uma “idosa ideal” – aquela que tem vida sexual ativa – responsabiliza e culpabiliza as mulheres que não aderem a este modelo.

  14. Alterações de equilíbrio postural e qualidade de vida em mulheres no ciclo gravídico puerperal

    OpenAIRE

    Eufrásio, Laiane Santos

    2015-01-01

    INTRODUÇÃO: O ciclo gravídico-puerperal causa inúmeras transformações na vida da mulher, sejam elas físicas, hormonais, emocionais ou sociais. Tais alterações podem afetar o equilíbrio postural e a qualidade de vida dessas mulheres na gravidez, podendo persistir no pós-parto. OBJETIVO: Analisar alterações no equilíbrio postural e qualidade de vida em mulheres na gravidez e no pós-parto. METODOLOGIA: Este estudo foi composto por 47 mulheres participantes do Curso para Gestant...

  15. Pisada como trapo de piso: experiencia de violencia hospitalaria en el Nordeste Brasileño

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Annatália Meneses de Amorim GOMES

    2010-12-01

    Full Text Available A pesar de los recientes esfuerzos para mejorar la calidad de los servicios públicos de salud en el Brasil, iniquidades y violencia institucional persisten en los hospitales. Este estudio antropológico-crítico investiga la experiencia humana de hospitalización del punto de vista del paciente internado en un hospital público, localizado en Fortaleza (Ceará, nordeste brasileño. Un método cualitativo original, “El camino del paciente” fue creado y utilizado, mezclando entrevista etnográfica, narrativa del paciente realizada prospectivamente durante la internación, desde la llegada al hospital hasta el alta, y observación-participante de 13 informantesclaves. Los resultados rebelaran 225 experiencias distintas de hospitalización narrada por los pacientes. La mayoría (83,6% de los hechos fue interpretada como “desprecio” y “humillación”; sólo 16,4% fueron percibidos como “cuidado” por el paciente, contribuyendo para la recuperación de su salud. Mostraron la desmoralización progresiva del “paciente sospechoso” desde la recepción por un guardia uniformado hasta la apropiación de sus pertenencias personales. La hospitalización se caracteriza por abandono, soledad y prisión, por la imposición de normas, reglas y procedimientos que ignoran la autonomía, condiciones personales y subjetividad del paciente. A pesar de la estructura opresiva, los pacientes resisten a las agresiones, utilizando múltiples estrategias: trazos personales, imaginación creativa, solidaridad social y fe religiosa. Humanizar la hospitalización pública en el Nordeste brasileño requiere incluir la voz y la experiencia del paciente, desechando los estigmas que perjudican.

  16. Diabetes gestacional na perspectiva de mulheres grávidas hospitalizadas

    OpenAIRE

    Araújo, Márcio Flávio Moura; Pessoa, Sarah Maria Fraxe; Damasceno, Marta Maria Coelho; Zanetti, Maria Lúcia

    2013-01-01

    Estudo qualitativo fenomenológico, que teve como objetivo compreender o significado das experiências vivenciadas por mulheres com diabetes mellitus gestacional. Participaram 12 pacientes internadas em uma maternidade de Fortaleza-CE, Brasil, que manifestaram seus sentimentos e percepções por meio de entrevista aberta e desenhos. O material empírico foi transcrito na íntegra e, posteriormente, organizado e analisado pelo método fenomenológico. Os resultados evidenciaram dois temas: (1) Vivenci...

  17. Fontes de crescimento da agricultura do Nordeste : 1970-1999

    OpenAIRE

    Correia Leitão, Janete

    2002-01-01

    Neste trabalho analisa-se a evolução da produção agrícola no Nordeste brasileiro e suas fontes de crescimento nas últimas três décadas. Consideramse como fontes de crescimento as mudanças verificadas: a) na área cultivada, b) nos rendimentos por hectare, c) na localização geográfica da produção, ou seja, a mudança na proporção da área cultivada de determinada lavoura cultivada em vários Estados, e d) na composição da produção que resulta de alterações na proporção da área to...

  18. A experiência de adoecimento de mulheres com endometriose: narrativas sobre violência institucional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Alexandre de Souza São Bento

    Full Text Available Resumo O artigo evoca a centralidade ocupada pela categoria relacional de gênero, para iluminar as narrativas de vida de mulheres com uma doença crônica – a endometriose. O objetivo é discutir o significado da experiência de adoecimento de mulheres com endometriose na interface com a violência institucional. À luz do referencial de Bertaux, no método Narrativas de Vida, 20 foram as participantes desta pesquisa convidadas a partir de dois espaços virtuais de discussão e encontros sobre o viver com endometriose. As entrevistas foram realizadas pessoalmente no circuito RJ, SP e MG. A abordagem teórica foi abalizada por autores que tratam da experiência do adoecimento crônico enquanto fenômeno sociocultural, leituras metafóricas do problema e críticas à violência institucional. Os resultados identificam situações de violência de gênero/institucional perpetradas nos diversos espaços de atenção às mulheres. Expressam-se a partir da banalização dos discursos das mulheres; das tensões estabelecidas entre usuárias e médicos, onde o suposto saber leigo funciona como ultraje ao saber biomédico oficial e, precipuamente, na dificuldade de acesso aos serviços, levando as mulheres a uma peregrinação por cuidados e a se submeterem a formas de assistência não necessariamente baseadas em boas práticas.

  19. A violência doméstica contra a mulher: um desafio à filosofia e à teologia no Brasil

    OpenAIRE

    Lilian Conceição da Silva Pessoa de Lira; Faculdades EST, São Leopoldo, RS

    2014-01-01

    A Lei nº. 11.340, Lei Maria da Penha, foi sancionada no Brasil em 07 de agosto de 2006, devido às lutas históricas das feministas, movimentos de mulheres e atendendo aos compromissos internacionais assumidos pelo Estado em favor dos direitos humanos das mulheres. O Brasil é reconhecido como um dos lugares mais perigosos para as mulheres viverem, onde a violência doméstica e o sexismo são uma terrível realidade. Não por acaso a te&oac...

  20. Respostas ao adoecimento: mecanismos de defesa utilizados por mulheres com síndrome de Turner e variantes The defenses employed by women with Turner syndrome: dealing with the disease

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vera Lúcia Soares Chvatal

    2009-01-01

    Full Text Available OBJETIVO:Conhecer as defesas utilizadas por mulheres com síndrome de Turner (ST ou formas variantes para lidar com a doença. MÉTODO: Pesquisa qualitativa com desenho exploratório, não experimental. O instrumento consistiu em entrevista psicológica semidirigida, aplicada em 13 mulheres, cuja amostragem deu-se por saturação, as quais fazem acompanhamento semestral no Centro de Atendimento Integral à Saúde da Mulher. Os dados foram interpretados utilizando-se da abordagem psicodinâmica, aliada a um quadro eclético de referenciais teóricos para discussão no espírito da interdisciplinaridade. RESULTADOS: Essas mulheres apresentaram conflitos psicossociais como dificuldades de relacionamento interpessoal; sentimentos de resignação, raiva, impotência, desvalia e quadros de depressão. As defesas utilizadas foram: repressão, negação, anulação, fantasia, adaptação e sublimação. CONCLUSÕES:As mulheres com ST ou formas variantes têm de lidar com as intercorrências orgânicas e psíquicas da enfermidade provocando grande sofrimento que, frequentemente, dificultam uma inserção social mais sadia. Neste caso, os achados deste estudo poderão nortear acompanhamento psicológico ambulatorial concomitantemente ao protocolo clínico de rotina.OBJECTIVE:To understand the defenses employed by women suffering from Turner syndrome (TS and different ways of dealing with the disease. METHOD: Qualitative research with exploratory design, non-experimental. The instrument consisted of semi-conducted psychological interview, involving 13 women, undergoing semestral medical follow-up at the Women's Health Care Center, and whose sampling was determined by saturation. Data was interpreted using the psychodynamic approach along with an eclectic framework of theoretical references for discussion in the spirit of interdisciplinary approach. RESULTS:These women displayed psychosocial conflicts such as difficulties in interpersonal relationships

  1. Uso de condom feminino por mulheres infectadas pelo HIV Female condom use among HIV-infected women

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jarbas Magalhães

    2003-07-01

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar a aceitabilidade, a adesão e a experiência com o uso de condom feminino (CF entre mulheres infectadas pelo HIV. MÉTODO: estudo descritivo prospectivo com 76 mulheres infectadas pelo HIV atendidas no CAISM/UNICAMP e no Centro Corsini de Campinas. Após entrevista de triagem e concordando em participar, as voluntárias receberam calendário para registro das relações sexuais e uso de condom masculino (CM. Após 30 dias, compareceram à visita de treinamento com colocação do CF em modelo pélvico, trazendo o diário do ciclo anterior, considerado controle. Aplicou-se questionário estruturado após 30, 60 e 90 dias, recolhendo-se sempre o diário de registro das relações sexuais e uso de CF ou CM. Usaram-se os testes de c², exato de Fisher, McNemar e Friedman para amostras emparelhadas na análise estatística. RESULTADOS: predominaram as mulheres jovens, de baixa escolaridade, que moravam com o parceiro. Observou-se taxa de continuidade de uso de 52%, ao longo de 90 dias. O uso de CF, em metade das relações sexuais em cada período de estudo, permaneceu estável nos 90 dias. Houve significativa diminuição da proporção média das relações sexuais desprotegidas (de 14% para 6%, sem uso de CM ou CF, aos 90 dias. As dificuldades iniciais no manuseio do CF foram superadas com o tempo. Os casais sorodiscordantes tiveram maior proporção de relações protegidas que os casais soroconcordantes, porém a diferença não foi significativa. As mulheres que relataram uso prévio consistente de CM apresentaram número significantemente maior de relações protegidas com CF. CONCLUSÕES: a oferta do CF foi capaz de reduzir as relações sexuais desprotegidas entre mulheres infectadas pelo HIV, que se mostraram motivadas e receptivas a este método.PURPOSE: to evaluate acceptability, adhesion and experience with the use of female condom (FC among HIV-infected women. METHODS: prospective descriptive study with 76 HIV

  2. Imagem corporal em mulheres adultas vs. meia-idade e idosas praticantes e não praticantes de hidroginástica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Simone Valéria Dias Souto

    2016-06-01

    Full Text Available O objetivo do presente estudo foi comparar a imagem corporal de mulheres adultas vs. meia-idade e idosas praticantes e não praticantes de hidroginástica. A amostra foi constituída por 300 mulheres brasileiras com idades compreendidas entre 20 e 83 anos (48.96 ± 15.41, divididas em quatro grupos: Grupo 1 = 75 mulheres adultas não praticantes com idades entre 20 e 49 anos; Grupo 2 = 75 mulheres de meia-idade e idosas não praticantes com idades entre 50 e 82 anos; Grupo 3 = 75 mulheres de meia-idade e idosas praticantes com idade entre 50 e 83 anos e Grupo 4 = 75 mulheres adultas praticantes com idade entre 20 e 49 anos. O instrumento utilizado para determinar à imagem corporal actual e desejada foi a Escala de Desenhos de Silhuetas descrita por Stunkard. Os resultados demonstram que não houve diferenças significativas com a insatisfação da imagem corporal entre os grupos de mulheres adultas vs. meia-idade e idosas vs. praticantes vs. não praticantes (p>0.05. Entretanto, houve diferenças significativas entre a insatisfação com a imagem corporal actual vs. ideal para todos os grupos do estudo (p<0.05. Conclui-se que a idade e a prática da hidroginástica não são factores determinantes na percepção que as mulheres têm da imagem corporal.

  3. Os sentidos atribuídos à voz por mulheres após a menopausa The meanings attributed to the voice by menopause women

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Aparecida Miranda de Paula Machado

    2005-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar os sentidos atribuídos à voz por mulheres após a menopausa. MÉTODOS: Foram coletados dados de 148 mulheres nos prontuários médicos, entre fevereiro de 2000 e outubro de 2001, no Programa da Saúde da Mulher no Climatério, do ambulatório de ginecologia de um hospital na cidade de Curitiba, Estado do Paraná. Dentre a população total foram selecionadas intencionalmente 30 mulheres entre 48 e 59 anos, que não se consideravam profissionais da voz, no mínimo há 12 meses em amenorréia, e que foram entrevistadas com um roteiro temático, constituído de questões semi-estruturadas. Cada entrevista foi gravada e transcrita. A descrição, análise e interpretação foram fundamentadas pelas representações sociais, por meio do discurso do sujeito coletivo, com aproximações à hermenêutica-dialética. RESULTADOS: Os 27 discursos coletivos estruturados denotaram o relacionamento da voz às características biológicas, psicológicas e aspectos sociais do cotidiano, com a identificação de mudanças vocais no decorrer da vida. CONCLUSÕES: Foi possível observar representações sociais de natureza comunicacional e funcional, que salientaram a voz como elemento de constituição da identidade pessoal, concebida na pertinência social. A pesquisa sugere novas investigações fundamentadas nas ciências sociais, simultâneas aos estudos epidemiológicos, e a necessidade de se refletir sobre o processo de terapêutica vocal aplicado sobre uma laringe mais vulnerável, além de priorizar uma proposta de assistência integral à mulher no climatério, com enfoque sobre a saúde da voz.OBJECTIVE: To analyze the meanings attributed to the voice by menopausal women. METHODS: Data were collected from 148 medical records of women seen in the Climacteric Women Health Program of the Irmandade Santa Casa de Misericórdia Gynecology Outpatient Clinic in Curitiba, Brazil, between February 2000 and October 2001. Of them, 30 women aged

  4. Representações sociais de mulheres sobre o cheiro do leite materno

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gerlaine de Oliveira Leite

    Full Text Available RESUMO Objetivo: Analisar as representações sociais de mulheres acerca do cheiro do leite materno. Métodos: Estudo qualitativo, realizado em 2015, com 33 mulheres/puérperas em um hospital universitário de Pernambuco, por meio de entrevista individual semiestruturada. Os dados coletados, submetidos ao software IRAMUTEQ, foram interpretados à luz da Teoria das Representações Sociais. Resultados: Dentre as representações sociais, a aceitação foi predominante, mesmo quando a percepção olfatória do cheiro do leite era desagradável, prevalecendo a importância desse alimento para a saúde da criança. Outras representações foram o incômodo causado pelo cheiro e os cuidados para amenizá-lo, o apoio do companheiro, o desprendimento no relacionamento interpessoal e a caracterização do olfato/sabor do leite. Conclusão: A aceitação foi a mais expressiva entre as representações sociais sobre o cheiro do leite, porém constataram-se percepções desagradáveis, evidenciando que estas particularidades do leite humano devem ser incluídas nas orientações à mulher e à família desde o pré-natal.

  5. A mulher junto às criminologias: de degenerada à vítima, sempre sob controle sociopenal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Simone Martins

    2009-04-01

    Full Text Available Este artigo apresenta figuras referentes à mulher junto às criminologias, bem como discute suas repercussões no código penal brasileiro. É identificada na criminologia positivista a figura da criminosa nata relacionada à prostituição, à mulher masculinizada e à atávica; bem como da vítima, seja ela criminosa por dependência do homem, seja pela necessidade de proteção do Estado. Estas figuras têm em comum o fato de servirem ao controle social da mulher. Em oposição, na criminologia feminista se verifica a figura da mulher emancipada, que não busca no direito penal a solução de conflitos que são de ordem social, econômica e política.

  6. O estigma da violência sofrida por mulheres na relação com seus parceiros íntimos The stigma of violency suffered by women in their intimate relationship with partners

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Virginia Moreira

    2011-08-01

    Full Text Available Este artigo descreve uma pesquisa sobre o estigma da violência sofrida pelas mulheres na relação com seus parceiros íntimos. Focaliza a compreensão de quais fatores determinantes na relação agressivo-abusiva concorrem para que as mulheres sintam tanta dificuldade de denunciar seus agressores. Fizemos uso do método fenomenológico crítico mundano e, como instrumento, usamos entrevistas áudio-gravadas. Os resultados mostram que essas mulheres suportam várias modalidades de violência na relação com seus parceiros. Sentindo-se psicologicamente estigmatizadas, evitam a denúncia por não quererem ser reconhecidas pela sociedade como mulheres espancadas e maltratadas.This article describes a research about the stigma of violence suffered by women in their relationship with intimate partners. It focalizes the understanding on which determining factors in the aggressive/abusive relation concur in order that women feel so many difficulties to denounce their aggressors. We used the mundane critical phenomenological method and, as an implement, we used audio-record interviews. The results show that these women endure several modalities of violence in the relation with their partners. Feeling psychologically stigmatized, they avoid denouncing because they do not want to be recognized by society as trashed and ill-treated women.

  7. GÊNERO E AGRICULTURA: A SITUAÇÃO DA MULHER NA AGRICULTURA DO RIO GRANDE DO SUL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anita Brumer

    2004-01-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.1590/S0104-026X2004000100011 O texto examina as formas de inserção das mulheres na agricultura familiar, procurando explicar a seletividade de gênero do processo migratório. Primeiramente, aborda a distribuição da população, por sexo e por grupos de idade, em diversas regiões do Estado do Rio Grande do Sul, caracterizando o maior índice de emigração de mulheres jovens do que dos demais grupos etários e de sexo. Depois, trata da divisão do trabalho por sexo e idade, dos efeitos da modernização sobre o trabalho agrícola, da inserção dos jovens no trabalho da unidade produtiva familiar, das atividades fora da agricultura e dos procedimentos utilizados pelos produtores agrícolas para a transmissão da propriedade rural para os filhos. Finalmente, discute o possível efeito do acesso das mulheres rurais à Previdência Rural sobre suas perspectivas de permanecer ou não na atividade agrícola.

  8. Aborto provocado e violência doméstica entre mulheres atendidas em uma maternidade pública de Salvador-BA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Normélia Maria Freire Diniz

    2011-12-01

    Full Text Available Estudo quantitativo, com o objetivo de estudar a violência doméstica em mulheres em situação de aborto provocado. Foram entrevistas 147 mulheres internadas por aborto provocado numa maternidade pública, na cidade de Salvador-BA. Os sujeitos foram, na maioria, mulheres jovens, negras, com baixa escolaridade, dependentes economicamente dos cônjuges, que vivenciam violência psicológica, física e sexual cometida pelos cônjuges. Quase metade das mulheres vivenciou violência doméstica durante a gravidez atual, sendo este o motivo do aborto para 67% delas. Conclui-se que existe uma associação entre a vivência de violência doméstica e o aborto provocado. Isso repercute na saúde mental das mulheres, que desenvolvem sintomas do transtorno de estresse pós-traumático. Necessita-se, portanto, de um olhar por parte dos profissionais de saúde de modo a identificar a violência doméstica enquanto agravo e associá-la ao aborto provocado, o que requer transformação no modelo de formação, incorporando a violência doméstica como objeto da saúde.

  9. A mulher na literatura: seus enquadramentos e a precariedade da emancipação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruna Cordeiros Lira

    2016-12-01

    Full Text Available A figura histórica feminino presente na literatura do século XVI, por exemplo, expõe um cenário literário sem representatividade feminina em suas obras. A composição da narrativa sobre a mulher estava a cargo de escritores homens, que insuficientemente versavam acerca das mulheres, mas que revelavam a exclusão e repressão feminina nos meios acadêmicos e sociais. Desta forma Virginia Woolf em “Um teto todo seu” traça panoramas históricos e sociais sobre a restrição do sexo feminino a literatura, tanto no acesso a leituras e a aprendizagem, fontes intelectuais que as embase e a liberdade cerceada socialmente de produzir no meio literário e acadêmico. Envolta em uma sociedade excludente, há fomento a uma construção social que desprivilegia a mulher como agente das escritas literárias, inviabilizando a sua emancipação intelectual ao longo da história. Calcado nestes elementos, a teoria do capital humano de Michel Foucault estabelece dialogo sobre as condições de subjugação patriarcal das mulheres, juntamente com o investimento em capital humano não ofertado a elas da mesma forma que aos homens na sociedade. Juntamente com a autora Judith Butler em “Vida precária, vida passível de luto”, há o questionamento teórico sobre o livro de Woolf acerca do enquadramento produzido por uma literatura sexista e excludente, que de forma rasa ou insuficiente via a mulher como um agente social, inferiorizando a sua existência.

  10. Expectativas e sentimentos de mulheres que esperam por tratamento de reprodução humana Expectations and feelings of women awaiting human reproduction treatment

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudia Valença Fontenele

    2013-01-01

    Full Text Available Trata-se de pesquisa qualitativa com o objetivo de verificar as opiniões, as emoções e os sentimentos de mulheres laqueadas acerca da expectativa pelo tratamento de reprodução humana assistida num ambulatório especializado. As entrevistas foram realizadas em um hospital da rede pública de saúde, na Região Sudeste do Brasil, São Paulo, com 16 mulheres esterilizadas. Como resultados, as seguintes temáticas foram as mais frequentes: ansiedade, assombro do tempo e "des-atenção" dos profissionais de saúde, que foram vivenciados nos momentos em que os sentimentos de solidão e abandono se mostraram mais agudos sob a perspectiva das mulheres. Do estudo emerge a necessidade de se pensar estratégias de atenção e cuidado junto a essa população específica no campo da saúde, visando melhorar seu conforto emocional por meio de um diálogo franco entre mulheres e profissionais de saúde.This paper aimed to investigate the opinions, emotions and feelings of sterilized women awaiting assisted human reproduction treatment in a specialized sector of a public hospital. Sixteen sterilized women were interviewed in the health care department of a public hospital in São Paulo, southeastern Brazil, as to their experiences while they had been awaiting treatment. The feelings referred to were: anxiety, the fear of taking up the time of the health personnel, and fear of their dis-attention, experienced during the moments when the women's feelings of loneliness and abandonment became most acute. It is evident from this study that there is a need to create strategies to guarantee that this specific population in the health field receive adequate attention and care, with a view to ensuring their emotional comfort, through a straightforward dialogue among women and healthcare professionals.

  11. Brasil Mulher e Nós Mulheres: origens da imprensa feminista brasileira Brasil Mulher e Nós Mulheres: origins of the feminist press in Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosalina de Santa Cruz Leite

    2003-06-01

    Full Text Available Este artigo apresenta algumas reflexões sobre a imprensa feminista alternativa que surgiu no Estado de São Paulo, Brasil, na segunda metade dos anos 1970. Essa imprensa se tornou um espaço de expressão de uma linha política intimamente vinculada ao despertar das mulheres para as idéias feministas do período posterior à luta armada contra a ditadura no Brasil. Os jornais Brasil Mulher e Nós Mulheres retrataram, em seus artigos e editoriais, a luta pela anistia, pelas creches e pelas liberdades democráticas - todos símbolos da oposição contra o regime no período da ditadura militar. Além disso, eles incluíam matérias específicas, tais como violência doméstica, condições de trabalho das mulheres, direitos reprodutivos, aborto e sexualidade. Do ponto de vista do movimento popular e das organizações de mulheres, essa imprensa constitui, sem sombra de dúvida, uma fonte importante e ainda inexplorada para compreender o período considerado.This article presents some reflections about the feminist alternative press that appeared in the state of São Paulo, Brazil, in the second half of the 70's. The press was a space for expression of a special breed of politics that was closely linked to the awakening of women to feminist ideas in the period after the armed struggle against the Brazilian dictatorship. The journals Brasil Mulher and Nós Mulheres portray, in their articles and editorials, the fight for amnesty, for day nurseries, for democratic freedoms - all symbols of opposition against the regime in the era of military dictatorship. In addition they report on specific matters, such as, domestic violence, women's working-conditions, reproductive rights, abortion and sexuality. From the point of view of the popular movement and the women's organizations, the alternative press of women is without any doubt an important source, and still under-explored, for understanding the period considered.

  12. Violência contra a mulher: percepção dos médicos das unidades básicas de saúde da cidade de Ribeirão Preto, São Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Garbelini De Ferrante

    2009-12-01

    Full Text Available Violência contra a mulher é um fenômeno complexo e altamente prevalente, considerado problema de saúde pública. Comumente, as mulheres afetadas buscam serviços de saúde para tratar sintomas associados. Este estudo, de abordagem qualitativa, teve por objetivo verificar a percepção dos médicos das unidades básicas de saúde de Ribeirão Preto-SP sobre violência contra a mulher perpetrada por parceiro íntimo. Os dados foram levantados por meio de entrevistas com 14 médicos ginecologistas-obstetras e clínicos gerais. A análise de conteúdo permitiu definir os seguintes temas: conhecimento sobre tipos e gravidade de violência, percepções acerca de quem é a mulher acometida, prática médica frente à situação de violência, possibilidades de intervenções e barreiras de acesso ao serviço. Os médicos, por se sentirem despreparados para abordar o tema, o enfrentam com muitos preconceitos de classe social e gênero, transferindo a responsabilidade, por eventuais falhas no atendimento, aos "outros": os serviços, a rede e as mulheres.

  13. Violência contra a mulher: percepção dos médicos das unidades básicas de saúde da cidade de Ribeirão Preto, São Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Garbelini De Ferrante

    Full Text Available Violência contra a mulher é um fenômeno complexo e altamente prevalente, considerado problema de saúde pública. Comumente, as mulheres afetadas buscam serviços de saúde para tratar sintomas associados. Este estudo, de abordagem qualitativa, teve por objetivo verificar a percepção dos médicos das unidades básicas de saúde de Ribeirão Preto-SP sobre violência contra a mulher perpetrada por parceiro íntimo. Os dados foram levantados por meio de entrevistas com 14 médicos ginecologistas-obstetras e clínicos gerais. A análise de conteúdo permitiu definir os seguintes temas: conhecimento sobre tipos e gravidade de violência, percepções acerca de quem é a mulher acometida, prática médica frente à situação de violência, possibilidades de intervenções e barreiras de acesso ao serviço. Os médicos, por se sentirem despreparados para abordar o tema, o enfrentam com muitos preconceitos de classe social e gênero, transferindo a responsabilidade, por eventuais falhas no atendimento, aos "outros": os serviços, a rede e as mulheres.

  14. VALE QUANTO PESA: o que leva(m mulheres grávidas à prisão?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Heloisa Vieira Simões

    2017-11-01

    Full Text Available O exponencial crescimento do número de mulheres encarceradas no Brasil não mudou o contexto de invisibilidade em que vivem. Diante de tal silêncio, e tendo a percepção de que é em face do feminino e de seu corpo que o sistema de justiça criminal parece expressar sua mais perversa atuação, o Projeto Mulheres pelas Mulheres se propôs a dar voz e visibilidade a essas mulheres. A partir de uma série de entrevistas – com as próprias internas e com as mulheres que visitavam presos nas penitenciárias de Piraquara-PR – foi possível traçar um perfil da mulher encarcerada no Paraná. Entretanto, chamou a atenção a expressiva quantidade de mulheres grávidas e com bebês dentro do sistema. Assim, tendo como base uma epistemologia feminista, foi possível perceber, através dos relatos e de informações a respeito da visita, da revista e das circunstâncias da prisão de determinadas mulheres, um padrão, uma série de histórias repetidas. Mulheres grávidas que, nas filas para a visita, recebem ofertas razoáveis de dinheiro em troca de um serviço, cujo sucesso já estaria acertado com os responsáveis pela revista. Em um instante, porém, tornam-se, para o sistema de justiça criminal, traficantes. Mulheres-traficantes que trazem no ventre a paradoxal contradição de serem mulheres-traficantes-grávidas, subvertendo a ordem de gênero e os papeis naturalmente estabelecidos, caracterizando aquilo que, simbolicamente, não se admite: que uma criminosa seja, também, mãe.

  15. HOMEM RAZÃO E MULHER EMOÇÃO: UMA ANÁLISE DA RELAÇÃO DICOTÔMICA ENTRE HOMENS E MULHERES NA VISÃO DOS ASSENTADOS(AS.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Chiozzini Martins-Suarez

    2016-08-01

    Full Text Available RESUMO O presente artigo convida o leitor a uma reflexão sobre o pensamento dual que caracteriza o caráter hierárquico da inter-relação homem/mulher a partir de palavras que dão significados ao que se compreende pelos termos que definem os dois sexos. Os vocábulos aqui referidos são aqueles que representam ideias opostas, não só no sentido léxico, mas também no que concerne a interpretação social dos atributos que definem homens e mulheres sustentados pela relação dicotômica existente entre eles. O objetivo deste trabalho é investigar a origem e aplicação destas expressões dentro de uma abordagem histórica e sociológica. Para esta análise, então, foi considerada a associação de termos opostos como: racional, superior, forte e externo ao homem e, palavras como: emocional, fraco, inferior e oculto à mulher. Para isso, a definição de família patriarcal, baseada na família estruturada a partir do poder do homem culminando na “inferiorização” da mulher, também foi levada em conta, desde sua origem no ambiente rural até seu reflexo na esfera urbana. Apoiado nestas premissas e conceitos, o presente artigo baseia-se na metodologia de análise do conteúdo das respostas de assentados e assentadas de três projetos de assentamento (P.A. localizados no estado de Sergipe a fim confrontar a teoria mencionada acima com as afirmações obtidas após categorização por sexo. Foram analisadas respostas dadas por homens e mulheres separadamente a partir dos dados coletados em uma pesquisa realizada no ano de 2009 e que resultou em tese de doutorado[1]. A intenção do artigo é buscar uma possível desconstrução da dualidade homem/mulher de caráter valorativo presente nas suas falas propondo ao leitor uma reflexão crítica sobre a prevalência do caráter “inferior” dado as mulheres, no sentido de desconstruir a relação emoção e inferioridade uma vez que este não é um dado biologicamente atribuído ao sexo

  16. Desafios à representação política de mulheres na Câmara dos Deputados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela Leandro Rezende

    2017-10-01

    Full Text Available Este artigo discute os desafios à representação política de mulheres na Câmara dos Deputados. Argumento que à demanda pela eleição de mais mulheres deve ser agregada a discussão sobre as regras e procedimentos que regulam sua atuação, uma vez que essas podem limitá-la ou torná-la mais efetiva do ponto de vista da representação de mulheres. Avaliando a distribuição de recursos legislativos (vagas em comissões legislativas e presidências de comissões e da Mesa Diretora entre legisladoras e legisladores, pode-se constatar que essa ocorre de forma desigual. Apesar disso, destaca-se positivamente a criação da Secretaria da Mulher, instância que pode potencializar a atuação das legisladoras, mitigando os efeitos decorrentes dessas constituírem uma “pequena minoria”. Por fim, argumento que o desafio de eleger mais mulheres deve se articular à necessidade de garantir que às mulheres já eleitas sejam assegurados recursos que potencializem mudanças que garantam maior presença de mulheres nos espaços de poder e decisão.

  17. Mulheres no tráfico de drogas: retratos da vitimização e do protagonismo feminino = Women in drug trafficking: pictures of female victimization and protagonism

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Barcinski, Mariana

    2016-01-01

    Full Text Available A partir das histórias relatadas por duas mulheres com um longo envolvimento passado na rede do tráfico de drogas em favelas do Rio de Janeiro, este ensaio tem por objetivo problematizar a tradicional vitimização e submissão com que usualmente a literatura caracteriza as trajetórias de mulheres criminosas. O que as histórias dessas mulheres atestam é que a possibilidade de ocuparem posições masculinas e obterem o respeito e o prestígio atribuído aos homens traficantes são grandes motivadores para o ingresso e a permanência de mulheres na rede do tráfico de drogas. Neste sentido, é pela apropriação de características e comportamentos masculinos, tais como a violência e a submissão de outras mulheres, que elas confirmam seu limitado poder

  18. AS RESSONÂNCIAS DA LITERATURA POPULAR DO NORDESTE NO ROMANCE DA PEDRA DO REINO E O PRÍNCIPE DO SANGUE DO VAI-E-VOLTA

    OpenAIRE

    Geice Peres Nunes

    2010-01-01

    A presente dissertação de mestrado intitulada As ressonâncias da literatura popular do nordeste no Romance dA Pedra do Reino e o príncipe do sangue do vai-e-volta foi elaborada por Geice Peres Nunes sob a orientação do Prof. Dr. Lawrence Flores Pereira, da Universidade Federal de Santa Maria. Nesse estudo, debruçamo-nos na influência da Literatura popular do nordeste e da poesia oral no Romance dA Pedra do Reino e o Príncipe do sangue do vai-e-volta, de Ariano Suassuna. Para tanto, lançamos m...

  19. O mito do gaúcho em A casa das sete mulheres

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Menger, Amanda da Silva

    2011-01-01

    Full Text Available O presente artigo, O mito do gaúcho em A Casa das Sete Mulheres, trata do mito do gaúcho. Aborda desde o seu conceito, a sua formação até a perpetuação. Para isso, o trabalho faz uma retomada histórica do gaúcho, entre o pária e o herói e a influência da História e das Tecnologias do Imaginário, teoria proposta por Juremir Machado da Silva (2003, para esta mudança. O artigo também trata da imagem do gaúcho apresentada pela minissérie A Casa das Sete Mulheres

  20. Gênero e ciência : um estudo sobre as mulheres na física

    OpenAIRE

    Sandra Maria Carlos Cartaxo

    2012-01-01

    Resumo: A Física é uma área predominantemente masculina e, por muito tempo, os chamados naturalistas justificavam os motivos do afastamento das mulheres da área como sendo de ordem biológica. Entretanto, as mulheres, embora sejam muito poucas na área, apresentam em média um rendimento maior que o dos homens na física. Em vistas disso, o presente estudo tem como objetivo compreender como se dão as relações sociais de gênero nessa área, além dos motivos que justificariam a baixa participação da...

  1. Eosinofilia no sangue periférico de mulheres com candidiase vaginal recorrente

    OpenAIRE

    Queiroz Filho,José; Gonçalves,Ana Katherine; Cavalcante Júnior,Geraldo Barroso; Pessoa,Daliana Caldas; Eleutério Júnior,José; Giraldo,Paulo César; Sales,Valéria Soraya de Farias

    2013-01-01

    OBJETIVO: Quantificar o número de células de defesa e os níveis de imunoglobulina E (IgE) no sangue periférico em amostra de mulheres com candidíase vaginal recorrente. MÉTODOS: Estudo de corte transversal com 60 mulheres, 40 com candidíase vulvovaginal e 20 do grupo controle (sem doença). As células de defesa foram identificadas utilizando um sistema de impedância combinada com a citometria de fluxo, os níveis de IgE total e específica foram medidos por meio de técnicas de quimiluminescência...

  2. Mulheres na liderança: discurso, ideologia e poder

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vicentina Ramires

    2017-11-01

    Full Text Available Dominação, força e autoridade são conceitos ainda circunscritos ao universo masculino, e isso pode ser constatado principalmente nas relações de trabalho, mesmo naquelas em que as mulheres exerçam funções de liderança. Esse quadro também se materializa na academia, onde os sujeitos estão, hipoteticamente, mais atentos às diferentes posições ideológicas e às formas como se manifestam, e, por conseguinte, mais ou menos a elas refratários. O objetivo geral deste estudo é demonstrar como hierarquias de poder no mundo do trabalho baseadas em diferenças de sexo são ideologicamente construídas, de maneira a reforçarem as formas dicotômicas de relações de gêneros e como as próprias mulheres, atuando em culturas androcêntricas, podem contribuir para perpetuar atitudes sexistas. Com base nos Estudos Críticos de Discursos, procuramos: a identificar os discursos que corroboram para construir ou desconstruir modelos de dominação nas relações de gênero; b observar em que formações discursivas esses modelos se impõem e c identificar em que medida procedimentos de discriminação são veiculados nos discursos proferidos pelas mulheres. Este estudo foi desenvolvido em duas instituições de ensino superior, analisando entrevistas e respostas aos questionários dirigidos a mulheres que ocupam posições de liderança. Observamos que, ao mesmo tempo que muitas mulheres reforçam a assimetria de gêneros existente entre posições de poder na sociedade, ao repetirem/confirmarem discursos, outras vão tomando consciência de seu espaço na sociedade e agem criticamente em defesa de direitos iguais entre homens e mulheres.

  3. Scorpionism due to Tityus neoespartanus (Scorpiones, Buthidae in Margarita Island, northeastern Venezuela Escorpionismo por Tityus neoespartanus (Scorpiones, Buthidae na Ilha de Margarita, Nordeste da Venezuela

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo De Sousa

    2007-12-01

    Full Text Available The first two cases of scorpion envenoming caused by Tityus neoespartanus (Buthidae are described. The accidents took place within human environments (one inside a home and the other inside a school, in the village of La Sierra, Margarita Island, State of Nueva Esparta, northeastern Venezuela. Both cases were moderately severe and developed pancreatic involvement and electrocardiographic abnormalities. This report allows inclusion of Margarita Island among the endemic areas of scorpionism in Venezuela.Descrevem se os dois primeiros casos de escorpionismo por Tityus neoespartanus (Scorpiones, Buthidae. Os acidentes ocorreram no ambiente antrópico (um no domicilio e outro na escola na aldeia de La Sierra, Ilha de Margarita, Estado de Nueva Esparta, nordeste da Venezuela. Os dois acidentes, moderadamente graves, cursaram com acometimento pancreático e alterações eletrocardiografias. Este reporte permite incluir à Ilha de Margarita entre as áreas endêmicas de escorpionismo na Venezuela.

  4. ALTERAÇÕES CITOLÓGICAS ASSOCIADAS A INFECÇÃO PELO PAPILOMAVIRUS HUMANO EM MULHERES ATENDIDAS EM UM HOSPITAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Emilly de Oliveira Silva

    2016-01-01

    Full Text Available O Papilomavírus Humano (HPV é atualmente a principal causa de virose sexualmente transmissível, sendo sua principal consequência o câncer de colo de útero. Neste contexto, este estudo teve como objetivo avaliar as alterações citológicas em mulheres atendidas em um hospital. Tratou-se de uma pesquisa do tipo quantitativa, de caráter documental, composta por 198 mulheres que apresentaram lesão devido à infecção pelo HPV e atendidas no Hospital Alpheu de Quadros. Os dados foram coletados por meio de registros arquivados no computador do hospital. Das mulheres infectadas pelo HPV, 66,7% tinham entre 20 e 39 anos e das que relataram sua iniciação sexual 61,6% tinham entre 16 e 20 anos. A maioria dessas mulheres foi diagnosticada com lesão intraepitelial de alto grau (HSIL seja na citologia ou na biópsia. O resultado pós Cirurgia de Alta Frequência apresentou-se positivo, pois houve diminuição de HSIL das mulheres. Ações de saúde pública podem prevenir a incidência e mortalidade pelo câncer de colo de útero quase que totalmente, desde que o planejamento destas ações esteja em concordância com o conhecimento científico atual.

  5. Thermodynamic ocean-atmosphere Coupling and the Predictability of Nordeste rainfall

    Science.gov (United States)

    Chang, P.; Saravanan, R.; Giannini, A.

    2003-04-01

    The interannual variability of rainfall in the northeastern region of Brazil, or Nordeste, is known to be very strongly correlated with sea surface temperature (SST) variability, of Atlantic and Pacific origin. For this reason the potential predictability of Nordeste rainfall is high. The current generation of state-of-the-art atmospheric models can replicate the observed rainfall variability with high skill when forced with the observed record of SST variability. The correlation between observed and modeled indices of Nordeste rainfall, in the AMIP-style integrations with two such models (NSIPP and CCM3) analyzed here, is of the order of 0.8, i.e. the models explain about 2/3 of the observed variability. Assuming that thermodynamic, ocean-atmosphere heat exchange plays the dominant role in tropical Atlantic SST variability on the seasonal to interannual time scale, we analyze its role in Nordeste rainfall predictability using an atmospheric general circulation model coupled to a slab ocean model. Predictability experiments initialized with observed December SST show that thermodynamic coupling plays a significant role in enhancing the persistence of SST anomalies, both in the tropical Pacific and in the tropical Atlantic. We show that thermodynamic coupling is sufficient to provide fairly accurate forecasts of tropical Atlantic SST in the boreal spring that are significantly better than the persistence forecasts. The consequences for the prediction of Nordeste rainfall are analyzed.

  6. A Psicologia na área rural: os assentamentos da reforma agrária e as mulheres assentadas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gislayne Cristina Figueiredo Vasquez

    Full Text Available Este trabalho é um relato de intervenção realizada pela autora quando técnica da Fundação ITESP (Fundação Instituto de Terras do Estado de São Paulo, com grupos de mulheres assentadas de São Paulo. Durante o período de um ano e meio, foram realizadas reuniões de grupo semanais, abertas, com duração de aproximadamente duas horas cada. Essas intervenções se orientaram pelos pressupostos teóricos de Pichon-Rivière e de Bleger sobre o trabalho com grupos bem como por uma técnica denominada “clube dos saberes”, utilizados por terapeutas brasileiros no trabalho com pacientes psicóticos. Os grupos possibilitaram a discussão das questões de gênero nos assentamentos e tiveram como resultado um aumento na auto-estima, na autonomia e na capacidade organizativa dessas mulheres. Por outro lado, o trabalho foi dificultado, entre outros fatores, pelo desconhecimento da população rural acerca do que é Psicologia. O artigo termina tecendo considerações acerca do papel da Psicologia na área rural bem como evidencia a necessidade de nos voltarmos para o homem e a mulher do campo e para sua subjetividade.

  7. O custo da cura: vivências de conforto e desconforto de mulheres submetidas à braquiterapia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Míbsam Lysia Carvalho Alves Soares

    2016-06-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo: Descrever as vivências de conforto e desconforto de mulheres que se submeteram à braquiterapia para tratamento de câncer do colo uterino. Métodos: Estudo qualitativo, desenvolvido em 2013, embasado na Teoria do Conforto de Kolcaba e realizado por meio de entrevistas semiestruturadas com oito mulheres que concluíram o tratamento há, no mínimo, seis meses. Resultados: Sobressaíram os seguintes desconfortos: dor do procedimento e dos efeitos pós-tratamento, no contexto físico; medo do desconhecido e do sofrimento, falta de acompanhante, estresse por sentir-se constrangida durante o tratamento, baixa autoestima e trauma psicológico pós-terapia, no contexto psicoespiritual. As medidas de conforto consistiram no diálogo com o profissional, administração de medicações e uso da fé e espiritualidade. Conclusão: Os resultados oferecem subsídios para a prática de profissionais de saúde em relação aos confortos e desconfortos que merecem ser alvo de intervenções na assistência à mulher com câncer.

  8. Voz da natureza e da mulher na Resex de Canavieiras-Bahia-Brasil: sustentabilidade ambiental e de gênero na perspectiva do ecofeminismo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jhader Cerqueira do Carmo Carmo

    2016-05-01

    sociais entre homens e mulheres. Do ponto de vista do ecofeminismo, visou-se estabelecer uma análise da figura da mulher e da natureza na Reserva Extrativista de Canavieiras - BA, tomandose por base experiências de natureza etno-metodológica. De acordo com os levantamentos realizados, a unidade de conservação estudada possui grande tendência à insustentabilidade seja na performance de suas atividades extrativistas junto à natureza, seja no tratamento com as mulheres, isto é, ao ‘silenciamento’. Todavia, analisa-se, também, a maneira peculiar como esta situação tem sido transcendida, por meio do empoderamento feminino das extrativistas da reserva em consonância com a extensão da universidade

  9. Magnitude da mortalidade por câncer do colo do útero na Região Nordeste do Brasil e fatores socioeconômicos Magnitude of mortality from cervical cancer in the Brazilian Northeast and socioeconomic factors

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carmen Justina Gamarra

    2010-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a tendência temporal da mortalidade por câncer do colo do útero segundo dados de óbito corrigidos ou não e verificar a associação entre essas informações e indicadores socioeconômicos selecionados em mulheres com 20 anos ou mais residentes no Nordeste do Brasil (capital e interior no período de 1996 a 2005. MÉTODOS: Foram incluídos no estudo os óbitos por câncer do colo do útero captados do Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM e aqueles identificados como sendo decorrentes dessa neoplasia após processo de correção. Através de regressão linear simples, foram analisadas as tendências temporais da mortalidade e as correlações com os indicadores socioeconômicos selecionados através de correlação de Pearson (r. RESULTADOS: As maiores taxas de mortalidade por câncer do colo do útero sem correção corresponderam às capitais e as menores foram observados no interior dos estados. Por outro lado, os maiores coeficientes de mortalidade corrigidos foram observados para o interior dos estados e os menores para as capitais, invertendo o quadro. Da mesma forma, as menores taxas de mortalidade sem correção foram observadas nos estados com maior pobreza, analfabetismo, fecundidade e mortalidade infantil, enquanto as maiores taxas de mortalidade sem correção foram observadas nas regiões com melhores indicadores sociais. As taxas corrigidas mostraram associação negativa com os indicadores que assinalam melhores condições de vida, e positiva com os indicadores que descrevem piores condições de vida. CONCLUSÕES: A utilização de dados não corrigidos de mortalidade pode levar à subestimação do câncer do colo de útero e comprometer as interpretações de análises comparativas sobre a magnitude, distribuição e fatores associados a essa doença. A magnitude desse câncer merece ser reavaliada, pelo menos no Nordeste do Brasil. Contudo, os resultados demonstram que já há resultados

  10. Conhecimento de mulheres com diabetes mellitus sobre cuidados pré-concepcionais e riscos materno-fetais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Escolástica Rejane Ferreira Moura

    2012-02-01

    Full Text Available Objetivou-se descrever o perfil reprodutivo de mulheres com diabetes mellitus (DM e verificar o nível de conhecimento destas quanto aos riscos maternos e fetais e os cuidados pré-concepcionais. Estudo exploratório, que contou com a participação de 106 mulheres, realizado no Centro Integrado de Hipertensão e Diabetes, de março a julho de 2009. As variáveis reprodutivas foram: número de gestações, partos e abortos e planejamento da gravidez. Os dados foram coletados por meio de entrevista que seguiu um formulário pré-estabelecido. O perfil reprodutivo de mulheres com DM mostrou-se permeado de riscos e repercussões reprodutivas negativas à saúde materna e fetal. Das 106 (100% mulheres estudadas, 44 (41,5% apresentaram conhecimento moderado sobre os cuidados pré-concepcionais e 58 (54,7% conhecimento limitado sobre os riscos maternos e fetais. Faz-se necessário oferecer informações às mulheres a fim de promover o conhecimento sobre os riscos maternos e fetais e os cuidados pré-concepcionais.

  11. Desempenho do PSF no Sul e no Nordeste do Brasil: avaliação institucional e epidemiológica da Atenção Básica à Saúde

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Augusto Facchini

    Full Text Available A pesquisa, desenvolvida dentro dos Estudos de Linha de Base do Proesf analisou o desempenho do Programa Saúde da Família (PSF em 41 municípios dos Estados de Alagoas, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Utilizou delineamento transversal, com grupo de comparação externo (atenção básica tradicional. Entrevistou 41 presidentes de Conselhos Municipais de Saúde, 29 secretários municipais de Saúde e 32 coordenadores de Atenção Básica. Foram caracterizados a estrutura e o processo de trabalho em 234 Unidades Básicas de Saúde (UBS, incluindo 4.749 trabalhadores de saúde; 4.079 crianças; 3.945 mulheres; 4.060 adultos e 4.006 idosos. O controle de qualidade alcançou 6% dos domicílios amostrados. A cobertura do PSF de 1999 a 2004 cresceu mais no Nordeste do que no Sul. Menos da metade dos trabalhadores ingressaram por concurso público e o trabalho precário foi maior no PSF do que em UBS tradicionais. Os achados sugerem um desempenho da Atenção Básica à Saúde (ABS ainda distante das prescrições do SUS. Menos da metade da demanda potencial utilizou a UBS de sua área de abrangência. A oferta de ações de saúde, a sua utilização e o contato por ações programáticas foram mais adequados no PSF.

  12. O trabalho da mulher e as negociações coletivas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Solange Sanches

    2003-12-01

    Full Text Available MUITOS motivos têm levado a mulher para o mercado de trabalho: a emancipação feminina e a opção por um projeto profissional, o desemprego ou a perda de renda do cônjuge e o crescimento do número de mulheres chefes de famílias. Este ingresso da mulher no mercado de trabalho, no entanto, não tem sido fácil, devido à conjuntura político-econômica dos últimos anos, que tem criado muitas barreiras para todas as pessoas que procuram ocupação. Outras adversidades, porém, agravam ainda mais a situação da participação feminina no mercado de trabalho. Traduzidas em diversas formas de discriminação, revelam-se por meio de baixos salários, ocupação de postos precários, discriminação na contratação e ascensão, desemprego. Para mostrar essa inserção diferenciada da mulher do mercado de trabalho, o Dieese reuniu e analisou os resultados das negociações coletivas no pa��s, de 1996 a 2000, sob o enfoque da questão de gênero. Os resultados mostram o quanto ainda é necessário caminhar para condições mais igualitárias entre os sexos e a importância da negociação coletiva na regulamentação das relações de trabalho.FOR MANY reasons, women go to the labour market: emancipation, leading to professional plans; income loss due to spouse's unemployment or other changes; increases in the number of women heading families. However, it has been an uneasy transition, as in the current conjunctural context people looking for a job are experiencing all sort of barriers. Another dificulties even worse women conditions in the labour market. They have to do with gender discrimination, which leads to low salaries, inequality in employment access and opportunities, unemployment. To better show this situation, Dieese gathered and analysed the results of collective bargaining in our country, from 1996 to 2000, in the gender context. The results show how far from equality we are referring to gender issues, and the relevance of

  13. MARIA, MODELO DE LIBERTAÇÃO DA MULHER?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Inger Hjuler Bergeon

    1986-01-01

    Full Text Available Para responder à questão de saber como uma mulher protestante, vivendo num país industrializado como a Dinamarca, vê a Teologia da Libertação da América Latina, basear-me-ei sobre experiências concretas da vida dos pobres e sobre estudos teóricos da Teologia da Libertação. Os dois modos de aproximação estão unidos de maneira indissolúvel. Desde 1976, trabalhei com os "trapeiros de Emaús" (movimento fundado por Abbé Pierre, na França e na Dinamarca. Foi o que me abriu os olhos, por um lado para a situação dos marginalizados nos países da Europa Ocidental, e por outro para as relações entre países ricos e países pobres.

  14. Como Uma Deusa: considerações acerca da representação da mulher negra nas HQs de superaventura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lucas do Carmo Dalbeto

    2016-04-01

    Full Text Available Este trabalho visa analisar a representação da mulher negra americana nas Histórias em Quadrinhos por meio de uma abordagem que resgata o contexto histórico e sociocultural de produção e divulgação destas narrativas. Toma-se por objeto de estudo a personagem Tempestade, do título X-Men. Por meio de sua trajetória, são traçados alguns paralelos que corroboram e questionam o papel social naturalizado a estas mulheres. Os resultados obtidos levam a crer que, através da análise de bens culturais voltados ao entretenimento, é possível traçar considerações acerca das relações entre gênero e etnia na sociedade ocidental contemporânea.

  15. Conhecimento de mulheres com diabetes mellitus sobre cuidados pré-concepcionais e riscos materno-fetais

    OpenAIRE

    Escolástica Rejane Ferreira Moura; Danielle Rosa Evangelista; Ana Kelve de Castro Damasceno

    2012-01-01

    Objetivou-se descrever o perfil reprodutivo de mulheres com diabetes mellitus (DM) e verificar o nível de conhecimento destas quanto aos riscos maternos e fetais e os cuidados pré-concepcionais. Estudo exploratório, que contou com a participação de 106 mulheres, realizado no Centro Integrado de Hipertensão e Diabetes, de março a julho de 2009. As variáveis reprodutivas foram: número de gestações, partos e abortos e planejamento da gravidez. Os dados foram coletados por meio de entrevista que ...

  16. Mulheres com diabete melito gestacional : conhecendo a doença e convivendo com ela

    OpenAIRE

    Joice Moreira Schmalfuss

    2011-01-01

    O diabete melito gestacional é um grupo de doenças metabólicas que pode afetar qualquer mulher e, quando não controlado, causar consequências graves para o binômio mãe/bebê. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, do tipo descritivoexploratório, que analisou o que as mulheres com diabete melito gestacional conhecem sobre a doença e como elas convivem com essa condição. O estudo foi realizado em um hospital universitário do município de Porto Alegre/RS, por meio de entrevistas com 25 gestantes d...

  17. Uso de cosméticos por mulheres do município de Esperança, Paraíba, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexsandra Conceição Apolinário

    2013-08-01

    Full Text Available O aumento de vendas de produtos cosméticos e de higiene pessoal deve ser atentamente acompanhado pelos setores regulatórios competentes, uma vez que mais de oito mil matérias-primas são usadas na formulação destes produtos e muitas podem ocasionar efeitos adversos tóxicos ou mesmo alergias. Assim, este trabalho visou investigar quais as finalidades do uso de cosméticos entre mulheres, conhecer os mais utilizados e saber os locais de aquisição destes produtos. Tratouse de um estudo transversal, descritivo e exploratório, tendo como instrumento de coleta de dados um questionário com perguntas objetivas, aplicado entre 102 mulheres. A higiene (65,7% foi respondida como a principal finalidade de uso. Os produtos com maior frequência de utilização foram os perfumes e desodorantes (90,2%, maquiagens (74,5%, produtos para depilação (74,5% e tinturas de cabelos (41,2%. A maior parte das mulheres (63,7% relatou comprar os cosméticos em revistas. Diante dos resultados expostos, pode-se inferir que as mulheres utilizam variados tipos de cosméticos, com diferentes finalidades, o que pode implicar em risco para saúde.

  18. As representações sociais da mulher no movimento hip hop Woman's social representations in the hip-hop movement

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Priscila Saemi Matsunaga

    2008-04-01

    Full Text Available Este artigo discute as representações sociais da mulher construídas pelo movimento hip hop. Este movimento constitui-se como uma possibilidade de manifestação política de jovens, bem como uma possibilidade de produção artística que, se inicialmente esteve mais presente em espaços não institucionalizados e voltados para a população que vive na periferia, atualmente é consumido por jovens de camadas econômicas distintas. A participação de mulheres, porém, ainda não é significativa (ainda que existam mulheres participando e ouve-se frequentemente músicas (ou raps que veiculam imagens negativas da mulher. Este estudo, portanto, analisa as representações sociais da mulher que estão presentes em letras de rap, problematizando como estas representações constroem, socialmente, modos de "ser" mulher.This paper discusses woman's social representations constructed by the hip-hop movement. This movement constitutes a possibility of younger generations to politically manifest themselves, as well as a possibility of artistic production that at the start was more present in non-institutionalized spaces and aimed at the populations living in marginal districts, it is now being currently consumed by youths of distinct social classes. However, the participation of women has not been significant (even though there are women taking part, and frequently negative images of women are conveyed from these songs (or raps. Thus, this study analyses the woman's social representations which are in rap lyrics, querying how such representations have built social ways of "being" a woman.

  19. Mulheres (insubordinadas: o empoderamento feminino e suas repercussões nas ocorrências de violência conjugal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mirian Béccheri Cortez

    Full Text Available Neste trabalho, explora-se o modo como a compreensão e o desempenho dos papéis de gênero se relacionam às ocorrências de violência (física, psicológica e sexual dos maridos contra as esposas. Quatro mulheres que apresentaram queixa na Delegacia de Defesa da Mulher contra as agressões físicas perpetradas por seus parceiros e que conviviam com eles foram entrevistadas utilizando-se um roteiro de entrevista, que recolheu dados pessoais e informações a respeito das concepções sobre homem, mulher e relacionamento conjugal/afetivo. As entrevistas foram processadas pelo software Alceste, sendo a Análise de Conteúdo utilizada para complementar a análise. Os dados revelam a coexistência de concepções tradicionais de gênero com ações de insubordinação dessas mulheres (trabalho assalariado, amizades, questionamento da vida sexual. Esses aspectos, sinalizadores do empoderamento das mulheres, relacionam-se à agressividade dos parceiros que, excluídos dos debates feministas e buscando proteger sua masculinidade, usam a violência para suprimir as manifestações femininas de poder.

  20. Anos potenciais de vida perdidos por mulheres vítimas de homicídio na cidade do Recife, Pernambuco, Brasil Years of potential life lost by female homicide victims in Recife, Pernambuco State, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonildo Severino da Silva

    2011-09-01

    Full Text Available Estudo epidemiológico, transversal, objetivando calcular os anos potenciais de vida perdidos por mulheres vítimas de homicídio na cidade do Recife, Pernambuco, Brasil, no quinquênio 2003-2007. Utilizou-se de um banco de dados da Gerência Operacional de Informação de Mortalidade e Natalidade da Secretaria de Saúde do Recife, e foram revisadas todas as declarações de óbitos das vítimas de homicídio, com idade fértil no quinquênio analisado. Os resultados revelaram que houve 12.120 anos potenciais de vida perdidos, no período, por mulheres jovens, negras (88%, de escolaridade desconhecida (78,2%, solteiras (80%, mortas na Região Político-administrativa III, que foram assassinadas com uso de arma de fogo, no próprio domicílio. A taxa de mortalidade específica, no período, correspondeu a 10,8 por 100 mil mulheres em idade fértil. Os 43,3 anos de vida perdidos por cada vítima refletem, entre outros aspectos, as características do município, relativas ao nível de pobreza, desemprego, densidade populacional, instabilidade residencial, desigualdade social, que expõem seus habitantes a crises sociais, crimes e violência.This cross-sectional epidemiological study aimed to calculate the potential years of life lost by female homicide victims in Recife, Pernambuco State, Brazil, in 2003-2007. A database was used from the Operational Division for Information on Births and Deaths under the Recife Municipal Health Department. All death certificates for childbearing-age women were reviewed for the five-year period. The results showed a total of 12,120 potential years of life lost by these women, mostly young, black (88%, with unknown levels of schooling (78.2%, single (80%, in District III of the city, and murdered with firearms in their own homes. The specific mortality rate was 10.8 homicides per 100,000 childbearing-age women. The 43.3 years of life lost per woman express the city's characteristics, poverty levels, unemployment

  1. "Fraqueza de nascença": sentidos e significados culturais de impressões maternas na saúde infantil no Nordeste brasileiro

    OpenAIRE

    Calvasina,Paola Gondim; Nations,Marilyn K.; Jorge,Maria Salete Bessa; Sampaio,Helena Alves de Carvalho

    2007-01-01

    A gestação abrange dimensões sócio-culturais, históricas e afetivas, que processam no corpo das mulheres diversos sentidos e significados. Cada sociedade constrói concepções, práticas ou modelos explicativos populares, que se diferenciam do modelo biomédico e visam a proteger a mãe-feto, promovendo uma gravidez saudável. Esta pesquisa qualitativa, baseada na antropologia interpretativa, desvela as experiências vivenciadas por 27 mulheres pobres e suas repercussões na desnutrição dos filhos at...

  2. Sustentabilidade e Territorialidade: fios que tecem a luta e a resistência das mulheres camponesas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Debir Soares Gomes

    2014-09-01

    Full Text Available O artigo é delineado a partir da análise de uma pesquisa realizada com base em estudo de caso no contexto dos percursos alcançados por ações de mulheres no assentamento Maceió, situado no município de Itapipoca, no Ceará. Trabalhando com as relações sociais e as estratégias de reprodução das mulheres rendeiras e camponesas, as categorias sustentabilidade e territorialidade vão sendo operadas para a compreensão de suas práticas e visões de mundo. Organizadas coletivamente, as mulheres produzem um valor material, mas principalmente, simbólico, ao relacionarem seu trabalho artesanal com a territorialização e a sustentabilidade socioambiental do assentamento. Por meio de suas formas de inserção nos espaços de poder e de produção constituem novas identidades, promovem a participação e o autorreconhecimento no uso e ocupação da praia e do mar, na organização do assentamento, nos grupos de extração e beneficiamento de algas marinhas e nas lutas que envolvem a construção de territorialidades.

  3. Desemprego e inatividade nas metrópoles brasileiras: as diferenças entre homens e mulheres

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro Rodrigues de Oliveira

    2011-01-01

    Full Text Available Analisar a evolução recente da estrutura do desemprego e da inatividade nas metrópoles brasileiras é o objetivo deste trabalho. Além de um panorama geral, foram realizadas análises separadas por gênero. A resposta da inatividade para a variável "número de crianças no domicílio" é a que mais se destaca: há uma relação negativa para os homens, e positiva para as mulheres. Além disso, os padrões observados entre mulheres pobres e não pobres são muito diferenciados – a inatividade para as mulheres de renda baixa é significativamente maior –, refletindo diferenças de escolaridade e, provavelmente, dificuldades de acesso à creche.

  4. Bengala customizável para mulheres com deficiência visual

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniele Lugli

    2016-12-01

    Full Text Available A pessoa que tem apenas resquícios ou não possui o sentido da visão necessita de auxílio para se orientar e movimentar. A tecnologia assistiva denominada bengala longa, ou bengala branca, é a mais comumente utilizada para este fim. Porém, por ser também um objeto identificador da deficiência visual, em muitos casos, é rejeitada por seus potenciais usuários. Existem muitos fatores de ordem prática que incomodam esses usuários, entretanto, a aparência da bengala é um aspecto ainda pouco explorado, mas que também contribui para esta rejeição, principalmente por parte de mulheres com a deficiência visual adquirida, que possuem acentuada vaidade e recordações visuais de sua vida anterior à cegueira. Dessa forma, com o objetivo de melhorar aspectos práticos e estéticos da bengala longa, foi realizada uma pesquisa com mulheres entre 19 e 65 anos no Instituto Paranaense de Cegos, a fim de identificar quais características poderiam ser melhoradas no objeto para minimizar sua rejeição. Para isso, foram utilizadas ferramentas derivadas da abordagem Human-centered design, que possibilitam uma maior interação e consequente aproximação da realidade desses usuários. A partir das informações coletadas, foi desenvolvido um conceito de bengala feminina customizável, com partes móveis que permitem às usuárias variar a aparência do objeto conforme seu gosto pessoal ou situação de uso.

  5. Tendências de pesquisas brasileiras sobre mulheres mastectomizadas

    OpenAIRE

    Azevedo, Elisângela Braga de; Bezerra, Pollyana Amorim Ponce de Leon; Neto, José Melquiades Ramalho; Bustorff, Leila Alcina Correia Vaz; Souto, Cláudia Maria Ramos Medeiros

    2012-01-01

    Objetivou-se analisar as tendências das pesquisas realizadas no Brasil sobre mulheres mastectomizadas. Trata-se de um estudo bibliográfico de abordagem quantitativa, realizado de 15 de junho a 31 de julho de 2009. Para coleta dos dados empíricos utilizou-se um instrumento estruturado, posteriormente os dados foram tabulados, analisados, transformados em porcentagens e agrupados em uma tabela para facilitar a visualização das informações. A amostra foi constituída por resumos adquiridos atravé...

  6. Publicidade e ética: um estudo da construção da imagem da mulher

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elizabeth Moraes Gonçalves

    2010-02-01

    Full Text Available O texto propõe uma reflexão sobre a ética da responsabilidade na publicidade veiculada nas revistas Claudia e Nova. Trata-se de uma pesquisa descritiva, resultante da leitura dos anúncios selecionados, subsidiada por teóricos da Análise do Discurso da linha francesa, que busca averiguar como a mulher é representada. Constatou-se que no contexto da sociedade contemporânea o retrato da mulher como sedutora ainda está presente, mesmo que em vários momentos ela apareça como protagonista de sua própria vida.

  7. Abuso de álcool e drogas e violência contra as mulheres: denúncias de vividos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Letícia Becker Vieira

    2014-06-01

    Full Text Available Objetivou-se analisar a interface entre o uso abusivo de álcool e outras drogas pelos companheiros e o vivido de mulheres que denunciam situações de violência. Trata-se de pesquisa qualitativa pautada na análise de conteúdo temática de entrevistas realizadas em março e abril de 2010, com treze mulheres que realizaram o registro da violência na Delegacia de Polícia para a Mulher e Delegacia de Pronto Atendimento de um município do interior do Rio Grande do Sul, Brasil. Observou-se que, em um mundo envolto por brigas, humilhações, agressões, sofrimento e submissão, o uso abusivo de álcool e drogas do companheiro potencializou a violência vivida das mulheres entrevistadas. Além de buscar qualificar a atenção à saúde mental das mulheres no contexto da violência, uma vez que essa condição repercute substancialmente em sua saúde, e em todas as dimensões, conclui-se ser imprescindível articular a atenção às mulheres em situação de violência com ações de prevenção do uso de álcool e/ou outras drogas pelos companheiros.

  8. Análise biomecânica da marcha de mulheres com uso de sapatos com saltos em solo plano e inclinado

    OpenAIRE

    Silva, Glauce Gonzaga [UNESP

    2009-01-01

    É grande o número de mulheres que faz uso de sapatos com saltos na atualidade durante várias horas por dia, sendo freqüentemente sujeitas a andarem por diversos tipos de superfícies, sejam elas planas ou inclinadas, submetendo o sistema músculoesquelético a esforços variados. Os objetivos do presente estudo foram: adaptar uma esteira para realização de análise biomecânica; analisar a marcha de mulheres com uso de sapatos com saltos em comparação com a condição descalça; analisar a influência ...

  9. Mulher: A Quebra do Paradigma da Função Reprodutiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rubia Elza Martins de Sousa

    2012-03-01

    Full Text Available Diante das mudanças ocorridas, busca-se uma nova configuração do espaço rural, procurando diversificar os produtos e as atividades agrícolas e não-agrícolas, visto que ambas se configuram capazes de promover a inserção dos produtores rurais nas atividades desenvolvidas. Entretanto surge a necessidade de buscar alternativas para complementação da renda, uma vez que a baixa produtividade e a falta de organização faz a produção insuficiente para manter as famílias no campo. É neste contexto que surgem as atividades pluriativas, com o objetivo de dar suporte financeiro às famílias, no que tange a ser um elemento suplementar a renda familiar, gerando assim a melhoria da qualidade de vida e fixando essas famílias no campo. Neste sentido nota-se a importância de analisar o papel das mulheres frente ao desenvolvimento de atividades pluriativas no campo, pois atualmente percebe-se uma modificação do papel feminino dentro do contexto familiar rural, visto que essas eram percebidas apenas com papel reprodutivo, papel esse que era desempenhado apenas no âmbito doméstico e que se relaciona em síntese aos afazeres domésticos e ao cuidado com os filhos, enquanto que aos homens cabe o papel produtivo por estarem diretamente ligados ao desenvolvimento da agricultura e pecuária, atividades estas que geram renda monetária; mas atualmente esse fato tem sofrido modificações, pois as mulheres rurais estão cada vez mais inseridas no mercado de trabalho por meio do desenvolvimento de atividades pluriativas, sendo assim é gerada renda complementar a família através do trabalho feminino, de forma que a mulher passa a ter além do papel reprodutivo o papel produtivo pelo fato de gerar renda por meio de seu desempenho no desenvolvimento de atividades de cunho não-agrícola.

  10. O sobre-desemprego e a inatividade das mulheres na metrópole paulista

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guiomar de Haro Aquilini

    2003-12-01

    Full Text Available SE, POR um lado, o crescimento contínuo da participação das mulheres no mercado de trabalho consolida sua presença economicamente ativa na sociedade, por outro, exacerbam-se as desigualdades de gênero refletidas principalmente no patamar de desemprego, cuja taxa se mantém por longo período superior à dos homens. Este texto pretende caracterizar o desemprego das mulheres, que atualmente representam mais da metade dos desempregados, e introduzir algumas questões a respeito da linha tênue que as separa da inatividade, sempre contrapondo sua situação à dos homens no mercado de trabalho da Região Metropolitana de São Paulo (RMSP.IF, ON one hand, the continuous increase in the number of women in the labor market consolidates their active economic presence in society, on the other, gender-based inequalities are exacerbated, as reflected particularly in their historically higher unemployment rates. This essay attempts to characterize unemployment among women (who currently account for more than half of the unemployed and to introduce some issues pertaining to the fuzzy line that separates them from inactivity, comparing their situation vis-à-vis men's in the labor market of the São Paulo Metropolitan Region.

  11. Agroecologia: Potencializando os papéis das mulheres rurais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabiana da Silva Andersson

    2017-04-01

    Full Text Available O artigo analisa se e como a agroecologia potencializa os papéis das mulheres rurais, em sua maioria agricultoras, dos municípios de Arroio do Padre e São Lourenço do Sul (RS. Através da realização de entrevistas em profundidade e da observação participante, o artigo analisa as percepções dessas mulheres a respeito das realidades por elas vivenciadas tanto no âmbito produtivo (lavoura como reprodutivo (doméstico. É importante destacar que, em Arroio do Padre, há um processo incipiente de “agroecologização”, ou seja, as unidades familiares encontram-se nos níveis iniciais da transição agroecológica. Já em São Lourenço do Sul, observou-se que essas mulheres atuam na agroecologia há mais de 40 anos. Estas distintas trajetórias conferem percepções de mundo diferenciadas entre os dois contextos sociais. Enquanto para as interlocutoras de Arroio do Padre a agroecologia pouco interfere em suas escolhas dentro e fora de casa, já para as entrevistadas de São Lourenço do Sul é essencial no repensar das relações estabelecidas no lar e no seu entorno, especialmente nos assuntos que tangem aos mercados e a sua valorização enquanto “agricultora”.

  12. Mammography and Pap test screening among low-income foreign-born Hispanic women in the USA Mamografia e teste Papanicolau em mulheres latinas de baixa renda nos Estados Unidos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria E. Fernandez

    1998-01-01

    Full Text Available Little is known about the factors influencing screening among low-income Hispanic women particularly among recent immigrants. A sample of 148 low-income, low-literate, foreign-born Hispanic women residing in the Washington DC metropolitan area participated in the study. The mean age of the sample was 46.2 (SD = 11.5, 84% reported annual household incomesEste estudo determinou os fatores que influenciam a conduta de mulheres latinas de baixa renda nos EUA, em face do monitoramento pela mamografia (MM e por meio do teste de Papanicolau (TP, em uma amostra de 148 mulheres latinas, residentes na região metropolitana de Washington DC. A idade média na amostra foi de 46,2 anos (desvio padrão 11,5, e 84% relatavam renda familiar anual menor que quinze mil dólares. Todas as mulheres falavam espanhol e apresentavam níveis reduzidos de aculturação; 96% destas informavam ter realizado TP, mas 24% não relatavam adesão às normas recomendadas de rastreamento. Entre aquelas com quarenta anos ou mais, 62% haviam realizado MM, mas somente 33% de acordo com as normas de rotina. A freqüência de conceitos equivocados sobre o câncer neste grupo de mulheres foi maior que a observada para mulheres latinas em outros estudos. Modelos logísticos multivariados para variáveis correlacionadas à conduta no rastreamento pelo TP e MM indicam que fatores como o medo do teste, vergonha e desconhecimento tiveram influência. Concluiu-se que as mulheres nesse estudo apresentaram menor freqüência de rastreamento por MM que mulheres não latinas, além de apresentarem também níveis mais reduzidos de adesão às normas de rastreamento por TP e MM.

  13. Cuidar integral da equipe multiprofissional: discurso de mulheres em pré-operatório de mastectomia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Karla Tamyres Santos do Nascimento

    2014-09-01

    Full Text Available Objetivo: Investigar a atuação da equipe multiprofissional, no que tange a preparação de mulheres em pré-operatório de mastectomia. Métodos: Trata-se de uma pesquisa exploratória com abordagem qualitativa, realizada na clínica cirúrgica de um hospital público, em João Pessoa - PB. A amostra foi composta por sete mulheres que iriam se submeter à mastectomia. A coleta de dados foi iniciada após parecer favorável do Comitê de Ética em Pesquisa nº 751/10 e CAAE nº 0578.0.126.000-10, no período de fevereiro a maio de 2011, por meio da técnica de entrevista gravada. Resultados: Os dados obtidos foram analisados mediante a técnica do Discurso do sujeito coletivo, gerando quatro ideias centrais, destacando a atuação da equipe multiprofissional, contemplando orientações pertinentes ao procedimento cirúrgico, pré-operatórias, apoio psicológico, espiritual e nutricional. Conclusão: Conclui-se que existe a necessidade de uma maior integração da equipe multiprofissional, para propiciar melhor assistência à mulher no período pré-operatório de mastectomia.

  14. Inquisição, religiosidade e transformações culturais: a sinagoga das mulheres e a sobrevivência do judaísmo feminino no Brasil colonial - Nordeste, séculos XVI-XVII

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Angelo Adriano Faria de Assis

    2002-01-01

    Full Text Available A visitação do Santo Ofício ao Nordeste açucareiro entre 1591e 1595 traria à tona os conflitos sociais e a disputa de interesses entre cristãos velhos e novos. Principais delatados, os neoconversos tornam-se figuras centrais das acusações feitas à mesa e vítimas em potencial das generalizações sobre seu suposto comportamento criptojudaico, acusados das mais diversas heresias. Dentre os delatados, chama a atenção o significativo número de mulheres, baluartes da resistência judaica, difusoras de sua cultura e tradições para as novas gerações. Responsáveis pelo ambiente doméstico, seriam as grandes propagadoras do judaísmo secreto e diminuto que se tornara possível após as proibições de livre crença no mundo português a partir de 1497, e a instauração da Inquisição, em 1536, quando os lares passaram a representar papel preponderante para a divulgação e sobrevivência das tradições dos filhos de Israel.The visit of the Holly Inquisition to the northeast of Brazil between 1591 and 1595 would expose social conflicts and disputes of interests among old and new Christians. The last were the potential victims and the main accused of maintaining a crypto-judaic behavior, performing several heresies. Among the accused, there was an impressive number of women, center of Jewish resistence, transmitting the culture and the tradition to the new generations. After the prohibition of any other faith than Catholicism in the Portuguese world in 1497 and the stablishment of the Inquisition in 1536, women would become responsible for the diffusion of secret Judaism. Homes became a central place to the survival of Jewish traditions.

  15. Conduta na lesão intraepitelial de alto grau em mulheres adultas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pauliana Sousa Oliveira

    Full Text Available O câncer cervical é a segunda causa mais comum de câncer entre as mulheres no mundo, apesar de apresentar grande potencial de prevenção e cura quando diagnosticado e tratado precocemente, o que pode reduzir a taxa de mortalidade entre as acometidas. Como não há consenso entre as medidas terapêuticas nas lesões intraepiteliais escamosas cervicais de alto grau (HSIL, buscamos discutir a conduta frente às mulheres adultas que apresentam HSIL e o seguimento após o procedimento adotado. Foi realizada pesquisa eletrônica no Medline (através do PubMed, National Guidelines Clearinghouse, Google Acadêmico e Lilacs. Os consensos identificados foram avaliados segundo sua validade e recomendações. Em relação ao acompanhamento após o tratamento, o Europeu acompanha por citologia de 6/6 meses; o Australiano, citologia e colposcopia de 6/6 meses; o Americano preconiza a realização da captura híbrida em seis a 12 meses ou citologia em seis meses. Já o Projeto Diretrizes do Brasil recomenda que reavaliações clínicas e colpocitológicas devam ser realizadas a cada três ou quatro meses nos primeiros dois anos de seguimento. Estudos comparando o método "Ver e Tratar" com os três passos (histologia, colposcopia, biópsia concluíram que este último é indicado em mulheres LSIL/ASCUS antes de se submeterem à exérese da zona de transformação (EZT, enquanto que o "Ver e Tratar" é indicado em mulheres com HSIL comprovada na citologia e sugestiva na colposcopia, pois apresenta como vantagens, o baixo custo e a resolução imediata. Todos os consensos são unânimes ao afirmar que frente à HSIL comprovada, retira-se a lesão por meio de ablação ou conização ou EZT.

  16. Relacionamentos Afetivo-Familiares em Mulheres com Anorexia e Bulimia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina Leonidas

    Full Text Available RESUMOEste estudo teve por objetivo investigar a rede social de apoio de mulheres com anorexia e bulimia, com ênfase em suas relações afetivo-familiares. A amostra foi composta por 12 participantes atendidas em hospital universitário. Os instrumentos utilizados foram: roteiro de entrevista semiestruturada, Mapa de Rede e Genograma. Os resultados indicaram que as redes sociais das participantes têm configuração restrita, com proeminência de membros da família em sua composição. Os relacionamentos familiares oscilam, contudo, entre turbulência e distanciamento afetivo. As relações de afeto mantidas com pais, cônjuges e namorados são marcadas por divergências e insatisfações. A baixa densidade da rede de amizades e o empobrecimento da vida social resultam em isolamento e dificuldades de dar início e/ou manter relacionamentos afetivos duradouros.

  17. Violence against women: prevalence and associated factors in patients attending a public healthcare service in the Northeast of Brazil Violência contra a mulher: prevalência e fatores associados em pacientes de um serviço público de saúde no Nordeste brasileiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Arleide da Silva

    2010-02-01

    Full Text Available The prevalence of and factors associated with violence against women attended as outpatients between October 2005 and January 2006 by the Instituto Materno Infantil Professor Fernando Figueira (IMIP, Recife, Pernambuco State, Brazil, were investigated using a cross-sectional type study. 619 women over the age of 18 were included in a systematic probabilistic sample. The modified Abuse Assessment Screen (AAS was applied and the data were evaluated statistically by way of univariate and bivariate analyses, using the χ2 or Fischer's exact test and an adjusted multivariate logistic regression model. The prevalence of violence against women was 27.5% (95%CI: 24.0%-31.2% in the twelve-month period prior to the consultation. The associated factors were low level of schooling (OR = 2.34, a history of domestic violence (OR = 2.21 the woman being mentally disturbed (OR = 2.35, and the partner's consumption of alcohol (OR = 1.77. The prevalence of violence was high in the group of women studied, indicating the need to broaden preventive measures and all-round health care for women.Investigou-se a prevalência e os fatores associados à violência contra mulheres assistidas no ambulatório do Instituto Materno Infantil Prof. Fernando Figueira (IMIP, Recife, Pernambuco, Brasil, utilizando um estudo tipo corte transversal (Outubro/2005 a Janeiro/2006. Foram incluídas 619 mulheres com idade > 19 anos, sendo a amostra probabilística sistemática. Utilizou-se o instrumento Abuse Assessment Screen(AAS, modificado. Os dados foram avaliados estatisticamente por análise uni e bivariada, usando-se o teste χ2 ou exato de Fischer e um modelo ajustado de regressão logística multivariada. Foi de 27,5% (IC95%: 24,0%-31,2% a prevalência de violência contra a mulher nos últimos 12 meses. Os fatores associados foram baixa escolaridade (OR = 2,34, historia de violência familiar (OR = 2,21, transtorno mental da mulher (OR = 2,35 e uso de bebida alcoólica pelo

  18. A presen?a de mulheres negras em cargos hierarquizados da Secretaria Municipal de Educa??o de Manaus: racismo e impasse na sua perten?a e autodeclara??o

    OpenAIRE

    Sousa, Maria do Perpetuo Socorro Lima

    2015-01-01

    Esta pesquisa tem por objeto o estudo da presen?a de mulheres negras em cargos hierarquizados da Secretaria Municipal de Educa??o de Manaus, tem?tica pouco explorada nas ci?ncias sociais e que hoje surge com grande potencial de an?lise. O prop?sito deste estudo consiste em verificar a forma pela qual as mulheres negras adentram os espa?os de poder na Secretaria Municipal de Educa??o de Manaus, dando destaque tanto para o aspecto do preconceito enfrentado por elas no ?mbito do t...

  19. Restrições causadas pela incontinência urinária à vida da mulher Restricciones ocasionadas por la incontinencia urinaria en la vida de la mujer Urinary incontinence restrictions in women's life

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Helena Baena de Moraes Lopes

    2006-03-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi identificar as restrições causadas pela incontinência urinária (IU à vida da mulher, considerando-se o tipo de incontinência, e verificar como manejam este problema. Trata-se de uma análise secundária de dados obtidos em estudo anterior, coletados por meio de entrevista com perguntas abertas e fechadas. A amostra foi composta por 164 mulheres com queixa de IU, internadas em clínicas de ginecologia e urologia de dois hospitais-escola da cidade de Campinas, SP. Apresentavam idade entre 25 e 85 anos e 104 (64% referiram uma ou mais restrições. Citaram alterações nas atividades sexuais (40,9%, sociais (33,5%, domésticas (18,9% e ocupacionais (15,2%. A incontinência urinária mista e a de urgência forem as que mais afetavam a vida das mulheres. A estratégia mais utilizada para minimizar a IU foi o uso de forro e/ou absorvente higiênico. Concluiu-se que a IU tem implicações negativas no cotidiano dessas mulheres.En este estudio se tuvo como objetivo identificar las restricciones causadas por la incontinencia urinaria (IU en la vida de la mujer, considerándose el tipo de incontinencia, y verificar cómo manejan este problema. Se trata de un análisis secundario de datos obtenidos en un estudio anterior, recolectados por medio de entrevista con preguntas abiertas y cerradas. La muestra estuvo compuesta por 164 mujeres con queja de IU, internadas en clínicas de ginecología y urología de dos hospitales docentes de la ciudad de Campinas, SP. Las mujeres tenían entre 25 y 85 años de edad, habiendo relatado 104 (64% de ellas una o más restricciones. Citaron alteraciones en las actividades sexuales (40,9%, sociales (33,5%, domésticas (18,9% y ocupacionales (15,2%. La incontinencia urinaria mixta y la de urgencia fueron las que más afectaban la vida de las mujeres. La estrategia más utilizada para minimizar la IU fue el uso de paños y/o toallas higiénicas. Se concluyó que la IU tiene implicancias

  20. Representações sociais da violência contra a mulher na perspectiva da enfermagem

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandra Maria Cezar Leal

    2011-06-01

    Full Text Available A violência contra a mulher constitui grave problema de Saúde Pública; ocorre no mundo inteiro em todas as classes sociais. O objetivo do estudo foi conhecer as representações sociais da violência contra a mulher na perspectiva de enfermeiras alunas de uma Escola Superior de Enfermagem de Lisboa/Portugal. Realizou-se pesquisa exploratória com respaldo das representações sociais, da qual participaram cento e cinquenta enfermeiras, sendo os dados coletados por meio de questionário. Para análise, utilizou-se o software DataVic 4.3. Resultados apontam que as representações sociais da violência contra a mulher estão restritas ao universo consensual pelo qual são produzidas, constituído, sobretudo, pela conversação informal e pela vida cotidiana. Apontam, também, que a violência não é entendida como um problema de saúde. Considera-se que o embasamento teórico sobre o tema e o envolvimento institucional dos Serviços de Saúde contribuirão para a inserção da violência contra a mulher na agenda da Saúde Pública.

  1. Violência contra mulheres rurais: gênero e ações de saúde

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marta Cocco da Costa

    2015-03-01

    Full Text Available Objetivo: Analisar, a partir da categoria analítica de gênero, as dimensões que a violência contra mulheres rurais assume nas concepções de gestores, profissionais e trabalhadores da saúde de municípios da metade sul do Rio Grande do Sul. Métodos: Estudo qualitativo, realizado com 56 participantes, constituídos de gestores municipais, profissionais e trabalhadores da saúde que atuam em áreas rurais. A geração de dados ocorreu por entrevista semiestruturada. Foi utilizada análise de conteúdo temática. Resultados: Observou-se o poder e a autoridade do homem como provedor e chefe da casa. A mulher rural é vista sob a ótica da relação de serviço, subordinação e obediência. A presença dos preconceitos e das desigualdades concretas de gênero estimula as práticas discriminatórias, justifica a violência doméstica e limita os direitos das mulheres. Conclusão: Conclui-se que para a maioria dos entrevistados a violência contra as mulheres rurais é naturalizada, tornando-se uma problemática de difícil inserção no campo da saúde.

  2. As mulheres e a SIDA

    OpenAIRE

    Bastos, Ana Isabel; Teixeira, José A. Carvalho; Paixão, Teresa

    1995-01-01

    Podem existir diferenças entre os sexos no que se refere aos factores biológicos, psicológicos e sociais associados & infecção pelo VIH (Vírus da Imunodeficiência Humana). Os autores fazem uma revisão da epidemiologia da SIDA nas Mulheres, evolução da infecção pelo VIH, factores mais especificamente associados ao VIH/SIDA nas Mulheres, gravidez e SIDA e, finalmente, aconselhamento de Mulheres. ABSTRACT------Male-female differences may exist in the biological, psycho...

  3. Mulheres e homens: diferentes também na percepção das notas musicais?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jandilson Avelino da Silva

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi avaliar a percepção das notas musicais RÉ, FÁ, e LÁ em adultos jovens. Participaram do estudo 20 homens e 20 mulheres de 18 a 29 anos, saudáveis, não músicos e não usuários de fármacos ou outras substâncias tóxicas. Realizou-se um teste de discriminação de notas musicais com escolha forçada entre duas alternativas, por meio do qual os participantes escolheram um estímulo previamente apresentado. Comparou-se a frequência de acertos na discriminação das notas musicais em relação ao sexo dos participantes. Encontraram-se diferenças estatisticamente significantes na nota musical Fá, sendo que os homens apresentaram maior quantidade de acertos que as mulheres. Esses resultados encontrados sugerem diferença na percepção das notas musicais para mulheres e homens.

  4. Fatores psicossociais e a infecção por HIV em mulheres, Maringá, PR Psychosocial aspects of HIV infection among women in Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rozilda Neves Alves

    2002-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a percepção do risco de infecção em mulheres infectadas pelo HIV, antes de elas receberem o resultado positivo para essa patologia. MÉTODOS: Estudo exploratório com entrevistas em profundidade em amostra de conveniência constituída de 26 mulheres que freqüentavam o ambulatório de um centro regional de saúde em Maringá, PR. A entrevista foi semidirigida com um roteiro de perguntas fechadas e abertas sobre características sociodemográficos, conhecimento sobre prevenção primária e secundária, percepção de risco antes do teste positivo para HIV, impacto do resultado em suas vidas -- inclusive a sexual -- depois de saberem ser portadoras do vírus. Os resultados foram analisados pela metodologia de análise de conteúdo. RESULTADOS: Apesar de ter consciência de que essa doença pode atingir qualquer um, nenhuma das 26 mulheres estudadas acreditava estar infectada pelo HIV/Aids. Os mecanismos psicológicos, "negação", "evitação", "onipotência do pensamento" e "projeção" foram os que puderam ser identificados como aqueles que as mulheres mais utilizaram para lidar com as dificuldades e as ansiedades decorrentes da percepção de risco e das normas e relações de gêneros hegemônicas presentes na cultura brasileira. Verificou-se que, se o uso desses mecanismos alivia a angústia, por outro lado aumenta a vulnerabilidade das mulheres. Elas se sentem incapazes de atuar, e muitas mantêm relações sexuais desprotegidas com os parceiros, expondo-se à gravidez indesejada e à reinfecção. CONCLUSÕES: Os programas de prevenção do HIV devem considerar também aspectos psicológicos, socioeconômicos e culturais que interferem na vulnerabilidade das mulheres, antes e depois da infecção. Para haver maior alcance de suas ações, os programas devem ir além da distribuição massiva de informações e usar abordagens psicoeducativas em pequenos grupos que estimulem a conscientização das mulheres para al

  5. Na Trilha Dos Sujeitos: audiovisual, memória e o evento de empoderamento para as mulheres

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Capibaribe Leite

    2012-12-01

    Full Text Available Como a atualização das memórias individuais representadas nas imagens podem compor discursos sobre autonomia para as mulheres? A partir de quatro filmes produzidos pelo consórcio internacional Pathways of Women’s Empowerment, este artigo propõe a definição de um evento de empoderamento para as mulheres enquanto processo de mudanças em suas vidas, midiatizado através das imagens e que se conecta a dois outros eventos contemporâneos: da fotografia e do endereçamento fílmico. A intenção é investigar como os filmes abordam os espaços de transição para diferentes sujeitos-mulher, a partir das narrativas da memória que contraem passado e futuro no presente e estabelecem linhas de pertencimento por via de um “tornar-se”.

  6. Amor bandido: Cartografia da mulher no universo prisional masculino

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Bassani

    2011-04-01

    Full Text Available Prática histórica e maciçamente utilizada nas prisões brasileiras, a visita íntima mobiliza semanalmente milhares de mulheres que enfrentam longas filas, revistas corporais e condições insalubres por um rápido momento com seus parceiros. Este artigo busca cartografar a relação estabelecida entre as mulheres visitantes, seus companheiros e a instituição prisional, tendo por base pesquisa realizada em uma penitenciária do Rio Grande do Sul. Os dados foram apreendidos e entrelaçados a partir da ótica das relações de poder que atuam no território carcerário, produzindo novas formas de subjetivação e distintas práticas grupais. A traditional and commonly used practice in Brazilian prison facilities, the intimate visit is the cause for thousands of women waiting in long queues, to be body searched and subjected to insalubrious conditions for a quick moment with their partners. Outlaw Love: Mapping Women in the Male Prison Universe attempts to map the relation established between visiting women, their companions and the prison institution, based on a survey conducted at a prison in Rio Grande do Sul. The data were gathered and correlated from the perspective of the power relations at work in the prison territory, producing new forms of subjectivation and distinct group practices. Key words: prison, intimate visit, women, prison subculture

  7. A FREQUENTE LUTA DAS MULHERES POR PUNIÇÕES AOS SEUS AGRESSORES: FEMINICÍDIO X LEI MARIA DA PENHA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Brizza Oliveira Lima

    2017-03-01

    Full Text Available Resumo: Ainda que existam leis no ordenamento jurídico brasileiro que visam proteger os direitos humanos das mulheres, como a lei nº 11.340 de 07 de Agosto de 2006 – Lei Maria da Penha, e a mais recente, lei nº 13.104 de 09 de março de 2015 – Lei do Feminicídio, que inseriu no §2º do artigo 121, do Código Penal a figura do feminicídio como qualificadora do crime de homicídio, perdura ainda, a persistência da violência contra a mulher. Este artigo busca responder a seguinte questão: Se a Lei Maria da Penha fosse mais bem estruturada na sua aplicabilidade, o Feminicídio diminuiria? Com base nas informações coletadas em artigos científicos, pesquisas, leis e em doutrinas do Direito das quais demonstram que a figura do Feminicídio, pode em certas hipóteses imiscuir-se no conhecimento da Lei Maria da Penha, a qual ao ponto de vista deste estudo poderia prevenir diversos feminicídios, preservando a vida de cada uma das mulheres violentadas e muitas vezes mortas.

  8. SABERES DE CURA: UM ESTUDO SOBRE PAJELANÇA CABOCLA E MULHERES PAJÉS DA AMAZÔNIA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Betânia Barbosa Albuquerque

    2012-05-01

    Full Text Available Este artigo analisa os saberes que perpassam as práticas de cura presentes na pajelança cabocla na Amazônia, em especial, as de mulheres pajés. Tem como objetivos descrever os saberes e as práticas de cura de três mulheres residentes na cidade de Soure, na ilha do Marajó, Pará, bem como refletir sobre o papel da mulher no contexto religioso e simbólico da pajelança. Metodologicamente, o artigo resulta de uma pesquisa de campo e bibliográfica, com abordagem qualitativa, constando da análise de entrevistas narrativas com três mulheres. Teoricamente, o estudo se baseou em autores como Galvão (1955, Maués (1990; 1999, Cavalcante (2008, Montal (1986, entre outros. A pajelança ou xamanismo na Amazônia é uma prática, em geral, permitida somente aos indivíduos do sexo masculino. Entretanto, no município de Soure não há restrição da mulher no exercíco da pajelança, exercício esse que é perpassado por um arsenal de saberes que envolve o conhecimento das plantas curativas, do ritmo das águas, dos ciclos da lua e da natureza

  9. Morbidades referidas por trabalhadoras que produzem joias folheadas em Limeira, SP

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanessa Catherina Neumann Figueiredo

    Full Text Available RESUMO INTRODUÇÃO: a cidade de Limeira (SP se caracteriza por ser um polo de empresas do ramo de joias folheadas e bijuterias, sendo a maior parte da mão de obra composta por mulheres. OBJETIVO: verificar as morbidades referidas por mulheres expostas ao cianeto no setor de bijuterias e joias folheadas na cidade de Limeira em 2007. METEDOLOGIA: estudo transversal realizado com 383 trabalhadoras, comparando-se um grupo de 191 mulheres trabalhadoras em galvanoplastias consideradas qualitativamente expostas ao cianeto com um grupo de 192 mulheres não expostas ao cianeto. Foi aplicado o Índice de Capacidade para o Trabalho, o Questionário de Tolerância de Fagerström e um questionário sociodemográfico e ocupacional. RESULTADOS: O grupo considerado exposto ao cianeto apresentou: menor média de tempo de trabalho no cargo (p = 0,008, maior proporção que trabalha com produtos químicos (p < 0,001, que usa Equipamento de Proteção Individual (p < 0,001, que recebe equipamento das empresas em que trabalham (p < 0,001, menor quantidade de morbidades referidas (p = 0,042, mas maior prevalência de bronquite crônica (p = 0,027, sinusite crônica (p = 0,022 e disfunções da tireoide (p = 0,022. CONCLUSÕES: os resultados apontam para a necessidade de pesquisas de coorte que analisem a associação entre os agravos apresentados e a exposição ao cianeto.

  10. Inquérito domiciliar sobre uso da Fisioterapia por mulheres em Guarapuava-Paraná-Brasil Household survey into physiotherapy use by women in Guarapuava-Paraná-Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cíntia Raquel Bim

    2011-09-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi verificar a prevalência do uso da fisioterapia por mulheres e analisar as variáveis associadas à sua utilização. Foi realizado estudo transversal de base populacional incluindo 885 mulheres com idade mínima de 18 anos residentes na zona urbana de Guarapuava, estado do Paraná, Brasil. Considerou-se nível de confiança de 95% e margem de erro de 3% para cálculo amostral. A amostra foi selecionada aleatoriamente, e as entrevistas foram realizadas entre outubro e dezembro de 2006. Utilizou-se os softwares Statistica 7.1 e SAS 9.1 para análise dos dados, calculou-se prevalência, qui quadrado, análise multivariada (análise de correspondência e realizou-se regressão logística. A prevalência do uso da fisioterapia por mulheres foi de 27,3%, onde 48% utilizaram o serviço público, 45% assistência privada, e apenas 7% assistência particular. Variáveis como idade, profissão, classificação econômica e tipo de assistência à saúde estiveram associadas à realização de fisioterapia (pThe scope of this study was to evaluate the prevalence of the use of physiotherapy by women and analyze the variables associated with its utilization. A population-based cross-sectional study was carried out with 885 women aged over 18 living in the urban area of Guarapuava, Parana state, Brazil. A confidence level of 95% and an error margin of 3% were used for sample calculations. The sample was randomly selected and the interviews were carried out between October and December 2006. Statistica 7.1 and SAS 9.1 software was used to analyze the data, and the prevalence, chi-square and multivariate analysis were calculated and logistic regression was performed. The prevalence of the use of physiotherapy by women was 27.3%, where 48% used the public service, 45% used health insurance services and only 7% used private services. Variables including age, profession, financial conditions and type of assistance were associated with

  11. Mutações no Nordeste brasileiro: reflexão sobre a produção de alimentos e a fome na contemporaneidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eustógio Wanderley Correia Dantas

    2010-11-01

    Full Text Available Com imagem associada à fome, pobreza e atraso, o Nordeste passa atualmente por um processo acelerado de mutação, cujos resultados são evidenciados, em alguns estados, nos indicadores sociais a suplantarem a média nacional. A explicação deve-se à sua inserção na nova economia globalizada, relacionada diretamente à modificação de sua imagem internacional. Nestes termos, as fragilidades tradicionais do Nordeste, ligadas à semiaridez, são variáveis potencializadoras do desenvolvimento tanto do agronegócio como do turismo litorâneo em crescimento acelerado... Entretanto, embora apresente avanços, a política implementada não implicou em erradicação da malnutrição crônica.  Longtemps considéré comme un  pays de la faim, pauvre et « arriéré », le Nordeste du Brésil est aujourd’hui une région en mutation accélérée, dont les niveaux de revenus ont dépassé, pour certains Etats, la moyenne nationale. La raison : une nouvelle insertion dans la mondialisation liée à l’évolution de son image internationale. Les handicaps traditionnels du Nordeste, tels la semi aridité, sont ainsi devenus des atouts, autant pour le développement de l’agrobusiness que  pour un tourisme littoral en croissance rapide…. Mais cette politique de développement n’a pas éradiqué pour autant la malnutrition chronique.Abstract

  12. Sexo tropical em um país europeu: migração de brasileiras para a Itália no marco do "turismo sexual" internacional Tropical sex in a European country: Brazilian women's migration to Italy in the frame of international sex tourism

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Piscitelli

    2007-12-01

    Full Text Available Em Fortaleza, uma das cidades vinculadas ao turismo sexual no Nordeste do Brasil, jovens mulheres das camadas baixas deixam o país com ou convidadas por turistas sexuais. Algumas se inserem na indústria do sexo na Europa. Outras, porém, a deixam, casando-se com europeus. Centrando-me em um universo de casais integrados por mulheres do Nordeste do Brasil e italianos, discuto as categorias de diferenciação que adquirem centralidade quando esses relacionamentos, iniciados em um terreno ambíguo da sexualidade, interesse econômico e romance no qual se misturam, são contextualizados na Itália. Analiso as implicações culturais, políticas e econômicas desse tipo de migração, refletindo sobre os significados adquiridos pela sexualidade tropical na migração para esse país do Norte.In Fortaleza, which is one of the main cities linked to sex tourism in the Northeast of Brazil, young low income women leave the country with or invited by sex tourists. While some indeed engage themselves in the sex industry in Europe, others leave it when marrying European men. Focusing on the universe of integrants of couples integrated women from the Northeast from Brazil and Italian men, this paper addresses the differentiations that acquire centrality when these relationships, formed in an ambiguous terrain where sexuality, economic interest and romance intermingle, are contextualized in Italy. I analyze the cultural, political and economic implications of that migration. The study discusses the relationship between gender and economic negotiations in those couples, reflecting on the meanings acquired by "tropical sexuality" in the migration to that Northern country.

  13. Determinantes do aborto provocado entre mulheres admitidas em hospitais em localidade da região Nordeste do Brasil Determinants of iduced abortion among poor women admitted to hospitals in locality of the region northeast Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Walter Fonseca

    1996-02-01

    Full Text Available Com o objetivo de identificar os determinantes do aborto provocado entre mulheres admitidas por complicações decorrentes dos abortos, nos hospitais-maternidades públicos em Fortaleza, CE (Brasil foram entrevistadas 4.359 pacientes entre 1º de outubro de 1992 e 30 de setembro de 1993. Os dados foram coletados através de questionário estruturado. São apresentados os determinantes dos abortos provocados em 2.084 (48% mulheres classificadas como tendo induzido aborto. Dois terços (66% das mulheres relataram a indução do aborto com o uso isolado do Cytotec(R (misoprostol ou associado a outro meio abortivo. Os resultados indicam que, na população estudada, a indução do aborto é prática comum entre jovens, solteiras (ou que vivem sem um parceiro estável, de baixa paridade, com escolaridade incipiente e não-usuárias de métodos contraceptivos. Recomenda-se a realização de estudos que investiguem os conhecimentos relacionados a percepções, conceitos culturais do aborto, e às razões por que mulheres pobres fracassam na adoção de métodos de planejamento familiar.In Brazil, abortion is legally allowed only when it is necessary to save a woman's life or when pregnancy has occurred following rape. Despite this law, iduced abortion is widely carried out. This study presents the findings as to the determinants of 2,084 abortions admitted to two major obstetric hospitals in Fortaleza, Brazil, between October 1992 and September 1993. Most of these women (2,074 have admitted an attempt to terminate pregnancy and 10 women were classified as induced abortion cases based on the findings of signs of intervention such as cervical laceration, perforation or foreign bodies in the vagina or uterus. The study findings indicate that self-administration of medicines plays an important role in terminating pregnancy. Among the 2,074 women who admitted to terminating the pregnancy 66% reported using misoprostol to induce abortion. Misoprostol, a

  14. Promoção à saúde da mulher negra no povoado Castelo, Município de Alcântara, Maranhão, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Deuzilene Pedra Viegas

    Full Text Available Resumo A Política Nacional de Saúde para a Mulher Negra dispõe de um aparato legal que dá suporte a sua implementação, conquistado pelo movimento negro. Tendo como parâmetro as legislações referentes à saúde da população negra e à saúde da mulher, além dos documentos disponibilizados pela Secretaria Municipal de Saúde de Alcântara, este trabalho teve como objetivo geral analisar os serviços básicos de saúde prestados às mulheres negras do povoado Castelo e como objetivos específicos realizar levantamento empírico dos programas e projetos voltados para mulheres negras oferecidos pelo município de Alcântara; verificar se no povoado Castelo há algum atendimento específico para mulheres negras; identificar as principais demandas das mulheres da comunidade ao serviço de saúde local; averiguar como o quesito cor está sendo empregado pela equipe da Estratégia Saúde da Família que atende a comunidade. A metodologia consistiu em identificar, através de documentos disponibilizados pela Secretaria Municipal de Saúde (SEMUS, as ações e serviços voltados para as mulheres na comunidade, e por meio de questionário aplicado aos profissionais, seus conhecimentos sobre a Política Nacional de Saúde Integral da População Negra. Concluímos que, apesar do aparato legal, reconhecido e citado pela SEMUS em seu Plano de Saúde atual, as legislações não têm sido suficientes para que esse segmento social tenha suas peculiaridades reconhecidas. Informações básicas para planejamento de ações específicas, como a coleta do quesito cor, por exemplo, não são realizadas pela SEMUS. Não identificamos nenhuma ação planejada que considere as características raciais e étnicas das mulheres da comunidade.

  15. Alimentação e codificação social. Mulheres, cozinha e estatuto Food and social codification. Women, cuisine and status

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosa Maria Perez

    2012-12-01

    Full Text Available Este artigo tem como base um trabalho etnográfico de longa duração realizado na Índia rural (Gujarate com um grupo de mulheres Dalit (termo pelo qual são designados os "antigos" intocáveis da Índia e, por extensão, mulheres de outros grupos sociais. Pretendo analisar a forma como a produção, distribuição e confecção de alimentos funcionam simultaneamente como formas de segregação feminina e de afirmação de poder por parte das mulheres, sobretudo em situações ligadas à fecundidade.This article is grounded on a long-term fieldwork carried out in rural India (Gujarat with a group of Dalit women (the term for which are designated the "old" untouchables of India and, by extension, with women from other social groups. I intend to analyze how food production, distribution, and cooking operate both as a form of segregation and of women's assertion of power, particularly in situations related to fertility.

  16. Consumo de macronutrientes e ingestão inadequada de micronutrientes em adultos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marina Campos Araujo

    2013-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estimar o consumo de energia e nutrientes e a prevalência de ingestão inadequada de micronutrientes entre adultos brasileiros. MÉTODOS: Foram analisados dados do Inquérito Nacional de Alimentação da Pesquisa de Orçamento Familiar 2008-2009. O consumo alimentar foi avaliado por dois dias de registro alimentar não consecutivos. Um total de 21.003 indivíduos (52,5% mulheres entre 20 e 59 anos de idade participou do estudo. A ingestão usual de nutrientes foi estimada pelo método proposto pelo National Cancer Institute. As prevalências de ingestão inadequada de micronutrientes foram obtidas pelo método da necessidade média estimada (EAR como ponto de corte. Para manganês e potássio, a Ingestão Adequada (AI foi usada como ponto de corte. A ingestão de sódio foi comparada com o nível de ingestão máximo tolerável (UL. A prevalência de inadequação da ingestão de ferro foi determinada por abordagem probabilística. Os dados foram analisados de acordo com a localização do domicílio (área urbana ou rural e as macrorregiões do país. RESULTADOS: A média do consumo energético foi de 2.083 kcal entre os homens e 1.698 kcal entre as mulheres. Prevalências de inadequação maiores ou iguais a 70% foram observadas para cálcio entre os homens e magnésio, vitamina A, sódio em ambos os sexos. Prevalências maiores ou iguais a 90% foram encontradas para cálcio entre as mulheres e vitaminas D e E em ambos os sexos. Prevalências menores que 5% foram encontradas para ferro entre os homens e niacina para homens e mulheres. No geral, a prevalência de ingestão inadequada foi mais acentuada na área rural e na região Nordeste. CONCLUSÕES: O consumo de energia é maior entre indivíduos residentes em áreas urbanas e da região Norte. Os grupos com maior risco de ingestão inadequada de micronutrientes são as mulheres e os que residem na área rural e na região Nordeste.

  17. Efeito idade-periodo-coorte na mortalidade por cancer do colo uterino

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Karina Cardoso Meira

    2013-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estimar o efeito da idade, período e coorte de nascimento na mortalidade por câncer do colo do útero. MÉTODOS: Foram analisados dados de mortalidade por câncer do colo do útero em mulheres ≥ 30 anos nos municípios do Rio de Janeiro, RJ, e São Paulo, SP, de 1980 a 2009. Os dados foram extraídos do Sistema de Informação Sobre Mortalidade. A variação percentual anual estimada foi calculada para os períodos de 1980-1994 e 1995-2009. O efeito da idade, período e coorte de nascimento foi calculado pelo modelo de regressão de Poisson, utilizando funções estimáveis: desvios, curvaturas e drift , por meio da biblioteca Epi do programa estatístico R versão 2.7.2. RESULTADOS: A taxa de mortalidade média do período por 100.000 mulheres foi 15,90 no Rio de Janeiro e 15,87 em São Paulo. Houve redução significativa na mortalidade por câncer do colo do útero nos dois períodos: no Rio de Janeiro, -1,20% (IC95% -2,20;-0,09 e -1,46% (IC95% -2,30;-0,61, e em São Paulo, -2,58% (IC95% -3,41;-1,76 e -3,30% (IC95% -4,30;-2,29. A análise da curvatura dos efeitos indicou tendência de redução do risco de morte nas sucessivas coortes (RR < 1 nas mulheres nascidas após a década de 1960. Observou-se redução acentuada no risco relativo (RR a partir dos anos 2000. CONCLUSÕES: O estudo evidenciou efeito de período na redução das taxas de mortalidade por câncer do colo do útero no período analisado, tendo em vista que houve efeito de proteção (RR < 1 a partir dos anos 2000 e nas mulheres nascidas após a década de 1960.

  18. Em Briga de Marido e Mulher a Educação Mete a Colher: a Atuação do Profissional de Pedagogia no Centro de Referência de Atendimento à Mulher em Situação de Violência

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lana Claudia Macedo da Silva

    2017-06-01

    Full Text Available O estudo objetiva investigar as ações educativas desenvolvidas no Centro de Referência de Atendimento à Mulher (CRAM em Situação de Violência, bem como, compreender o trabalho exercido pela profissional de pedagogia no combate à violência contra a mulher. O CRAM faz parte da rede de enfrentamento de políticas para mulheres, instituído a partir da Conferência de Belém do Pará (1994 e efetivado em 2006, com a criação da Lei Maria da Penha. Este Centro é responsável por realizar ações psicossociais e pedagógicas, sendo um novo campo de atuação em ambientes não escolares para os profissionais da pedagogia. É importante considerar que o CRAM-Ananindeua atende mulheres e crianças de faixas etárias diversas, grau de escolaridade e diferentes níveis socioeconômicos. A pesquisa qualitativa pautou esta investigação por meio de entrevista semiestruturada e observação, buscando conhecer os atendimentos realizados e as práticas educativas abordadas. Essas informações foram cruciais para perceber que há outra possibilidade de intervir em relação à violência contra mulher, e o profissional da pedagogia é essencial nas diversas redes de apoio. No percurso deste estudo foi possível conhecer de maneira abrangente a atuação do profissional de pedagogia nesta instituição, e a relevância da educação ao se falar de violência contra a mulher. O CRAM trabalha a desconstrução da naturalização da violência e o empoderamento das mulheres em situação de violência. Considera-se que a educação representa um dos aspectos cruciais para a mudança de comportamento e adoção de medidas para a redução de casos de violência, uma vez que a cultura machista e a sociedade intolerante contribuem para os altos índices de casos e vítimas, daí a relevância do tema em diferentes espaços educativos.

  19. MULHER, UMA CONSTRUÇÃO SOCIAL: REPRESENTAÇÕES, ESTEREÓTIPOS E IMAGENS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosana Rocha Siqueira

    2014-06-01

    Full Text Available O presente artigo tem como objetivo uma revisita a referenciais bibliográficos a partir dos quais foi possível refletir sobre a construção de estereótipos relacionados à imagem feminina no século XX partindo-se do conceito de representação proposto por Moscovici (2003. Pretende-se na convergência destas duas categorias (representação e imagem apresentar olhares sobre a construção de alguns estereótipos relacionados às mulheres, uma vez que diversas instituições inclusive o próprio movimento feminista em suas variadas vertentes também preocuparam-se em “criar” representações das mulheres. Algumas discussões presentes neste artigo fizeram parte do conteúdo da disciplina “Seminários avançados sobre produtos, processos e discursos midiáticos” ofertada pelo Núcleo de Pós-Graduação da Universidade Federal de Sergipe. Desta forma pode-se refletir sobre os variados recortes imagéticos dos quais as instituições e as próprias mulheres utilizaram-se para compor novas representações.

  20. Cotidiano da gravidez de risco por cardiopatia: estudo fenomenológico das relações assistenciais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thaís Vasconselos Amorim

    Full Text Available RESUMO Objetivo: Desvelar o cotidiano das relações assistenciais do ser-aí-mulher na gravidez de alto risco por doença cardíaca. Métodos: Pesquisa qualitativa fenomenológica. Dezessete participantes foram entrevistadas em instituição referência para risco materno e os significados expressos foram analisados à luz do pensamento de Martin Heidegger. Resultados: As mulheres significaram terem sido cobradas pelos médicos por engravidarem e; saberem que o cardiologista dá o parecer, mas o obstetra é quem vai decidir a via de parto. Conclusão: Evidenciaram-se relações assistenciais pautadas na ótica fisiopatológica de acompanhamento gestacional e invisibilidade da equipe de enfermagem junto à gestante. Se por um lado os resultados apontam a necessidade de transcender para uma relação existencial que considera a mulher como ser-aí dotada de possibilidades, por outro anuncia a importância do cuidado de enfermagem congruente às necessidades de gestantes portadoras de cardiopatia na perspectiva de se fazer percebido e anunciado pelo ser-cuidado.

  1. Entre Maria Madalena e Gabriela Leite: diferentes modos de nomeação de mulheres na prostituição

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Codognoto da Silva

    2016-09-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.5007/1807-1384.2016v13n3p203 Esta pesquisa visa problematizar os significados e as particularidades presentes nos processos de subjetivação de mulheres adultas ligadas à prostituição em um pequeno centro urbano, localizado no interior do Estado de Mato Grosso do Sul - MS. Recorremos à abordagem qualitativa de pesquisa em Psicologia e como método a cartografia. Foram realizadas entrevistas de longa duração com 10 (dez bio-mulheresmulheres em termos biológicos, detentoras do órgão sexual feminino (PRECIADO, 2008 – que residissem e/ou trabalhassem no munícipio pesquisado e de escolaridades, raças/cores e tempo de atuação variados na prostituição. A luz dos Estudos Culturais e da Teoria Queer, evidenciamos o emprego de distintas nomenclaturas por parte de nossas participantes, denotando importantes posições pessoais e disputas políticas dessas mulheres na sociedade e na própria prática da prostituição, bem como a desconstrução de uma identidade universal da mulher prostituta.

  2. Mulheres em cooperativas rurais virtuais: reflexões sobre gênero e subjetividade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giovana Ilka Jacinto Salvaro

    Full Text Available Este artigo busca apresentar uma reflexão sobre gênero e subjetividade, a partir da participação de mulheres em cooperativas rurais virtuais localizadas em municípios da região sul de Santa Catarina. Conforme define a literatura estudada, tal modelo de cooperativa se diferencia do modelo tradicional, pois, entre outros aspectos, não possui sede fixa, reúne um grupo de 20 a 30 agricultores e movimenta uma grande variedade de produtos em pequenas quantidades. Trata-se de uma análise ampliada com base em dados coletados em pesquisa desenvolvida no período de 2011-2012 (PIBIC-UNESC/CNPq. A pesquisa foi qualitativa e os dados foram obtidos por meio da entrevista semiestruturada. Foram entrevistadas dez mulheres, com idades entre 36 e 54 anos, participantes de três cooperativas. As entrevistas foram gravadas, transcritas e analisadas de acordo com procedimentos da análise de conteúdo. Os resultados e discussão apresentam o processo de formação das cooperativas, a participação e os produtos comercializados pelas cooperadas; além de discorrer sobre a participação de mulheres em cooperativas rurais virtuais, a visibilidade social e o reconhecimento do trabalho feminino. Em grande medida, foi possível verificar que a participação de mulheres em cooperativas possibilitou benefícios não apenas financeiros, pela comercialização da produção, mas também reconhecimento social e subjetivo.

  3. Fatores associados à violência por parceiro íntimo em mulheres brasileiras Factores asociados a la violencia por pareja íntima en mujeres brasileras Factors associated with intimate partner violence against Brazilian women

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Flávia Pires Lucas d'Oliveira

    2009-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estimar a prevalência e os fatores associados à violência física e/ou sexual por parceiro íntimo em diferentes contextos socioculturais. MÉTODOS: Estudo transversal, participante do WHO Multi-country Study on Women's Health and Domestic Violence against women, com amostra representativa de mulheres no município de São Paulo e Zona da Mata de Pernambuco, região com normas mais tradicionais de gênero. Foram entrevistadas no domicílio 940 mulheres de São Paulo e 1.188 da Zona da Mata, entre 2000-1, com idade entre 15 a 49 anos que tiveram parceria afetivo-sexual com homens alguma vez na vida. Foram construídos três conjuntos de fatores, correspondentes a blocos hierarquicamente ordenados: características sociodemográficas, familiares e aspectos referentes à autonomia/submissão feminina. Utilizou-se regressão logística hierárquica na análise dos fatores associados à violência por parceiro íntimo em cada local. RESULTADOS: Encontrou-se prevalência de 28,9% em São Paulo (IC 95% 26,0;31,8 e 36,9% (IC 95% 34,1;39,6 na Zona da Mata. Escolaridade até oito anos, violência física conjugal entre os pais da mulher, abuso sexual na infância, cinco ou mais gestações e problemas com a bebida mostraram-se associados à violência por parceiro íntimo em ambos locais. Autonomia financeira da mulher, união informal, idade e consentimento na primeira relação sexual mostraram-se associadas a maiores taxas apenas na Zona da Mata. As características socioeconômicas associadas no primeiro bloco foram mediadas por outros fatores no modelo final. CONCLUSÕES: Os achados mostram a relativização dos fatores socioeconômicos diante de outros, em especial os representantes de atributos de gênero. Nas duas localidades estudadas foram encontradas diferenças socioculturais que se refletiram nos fatores associados.OBJETIVO: Estimar la prevalencia y los factores asociados a la violencia física y/o sexual por pareja íntima en

  4. Sintomas climatéricos e fatores associados em mulheres HIV soropositivas = : Menopausal symptoms and associated factors in HIV-positive women

    OpenAIRE

    Jeffrey Frederico Lui Filho

    2013-01-01

    Resumo: Introdução: Com o surgimento da terapia antirretroviral ocorreu significativa queda da mortalidade por doenças relacionadas ao HIV, transformando assim esta infecção em uma doença crônica. Com o envelhecimento, maior sobrevida da população infectada e, também, pelo surgimento de novos casos na faixa etária climatérica, tem havido aumento significativo na prevalência de mulheres portadoras desse vírus em idade mais avançada. Estudos atuais sugerem que estas mulheres experimentam a meno...

  5. Gênero, violência e viver na rua: vivências de mulheres que fazem uso problemático de drogas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia Rebeca Rocha de Souza

    Full Text Available RESUMO Objetivo Descrever vivências de mulheres, em situação de rua, que fazem uso problemático de drogas. Método Pesquisa qualitativa cujos dados foram produzidos por entrevista semiestruturada realizada com sete mulheres matriculadas em um CAPSad em Salvador-BA, no período de outubro a dezembro de 2012. Resultados A análise de conteúdo temática foi adotada para organização dos dados, emergindo desse processamento duas categorias temáticas: Gênero, violência e uso de drogas: O que muda e o que se perpetua na vida de mulheres usuárias; Sem lenço e sem documento: o viver na rua. Conclusão Os resultados revelam a reprodução de condutas vivenciadas no contexto familiar e de construções sociais que mantêm as mulheres em situação de vulnerabilidade para agravos sociais e de saúde, dentre eles o início e a manutenção do uso problemático de drogas.

  6. A permanência de mulheres em situações de violência: considerações de psicólogas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Madge Porto

    Full Text Available O objetivo desse artigo é identificar o que pensam psicólogas que atendem ou atenderam mulheres em situação de violência doméstica/conjugal, e as motivações para a permanência de algumas delas nessas situações. A proposta metodológica é um estudo qualitativo, utilizando-se entrevistas semiestruturadas e análise de conteúdo. Os resultados apontam como motivação para as mulheres permanecerem em situação de violência: a força do patriarcado; as marcas identitárias do amor romântico e os ganhos secundários das mulheres na experiência vivida. Esses resultados confirmam em parte estudos anteriores, porém, algo novo se destaca. Ao contrário do que apresentam alguns estudos, as psicólogas consideram a determinação sociocultural do fenômeno da violência contra as mulheres na construção do sofrimento psíquico e da intervenção proposta.

  7. NORDESTE DO BRASIL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adryane Gorayeb

    2016-01-01

    Full Text Available Aunque la energia eólica sea considerada como una fuente energética “limpia,” las investigaciones muestran que la implantación de campos eólicos en el nordeste brasileño está generando diversos impactos sociales e ambientales negtivos a las poblaciones que se encuentran en el litoral, especialmente a los pescadores tradi - cionales, a los campesinos, a los quilombolas y a los pueblos indígenas. La oposición social a la construc - ción de los campos eólicos en el litoral aumenta cada dia, y diversas actuaciones para paralizar las obras de construcción vienen siendo realizadas por las poblaciones locales con ayuda de los movimientos sociales. En esta investigación mostramos que las inversiones en energia eólica generan beneficios a los grupos externos, sin contribución financiera local y, para agravar la situación, generan daños materiales y no materiales a la población local que vive cerca de los campos eólicos. Se evidenció ademas que las leyes sobre la energia eólica facilitan la construcción de campos eólicos en contra del apoyo social popular, siendo utilizados mecanismos para “invisibilizar” a los habitantes locales, como lo es la exclusión de las comunidades en los mapas utilizados para el licenciamiento ambiental o para obtener ilegalmente (grilagem las tierras de uso coletivo e histórico. Finalmente, se destacan medidas para la planificación y el mejor ordenamiento de los campos eólicos en Ceará para que las comunidades locales puedan negociar de igual con los inversionistas y obtener su parte de la producción de ganancia de la energia eólica.

  8. Pagamentos por serviços ambientais, custos de oportunidade e a transição para usos da terra alternativos: o caso de agricultores familiares do Nordeste Paraense

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosangela Calado da Costa

    2013-07-01

    Full Text Available Neste artigo, avalia-se o papel que o pagamento por serviços ambientais proposto pela política pública Proambiente (2003-2007 poderia ter tido sobre a substituição do uso da terra tradicional (sistema de “derruba-e-queima” e a adoção de usos da terra alternativos, capazes de fornecer maiores níveis de serviços ambientais, entre agricultores familiares do Nordeste do Pará, Amazônia Brasileira. Para isso, foram estimados custos de oportunidades para os usos da terra tradicional e alternativos (agricultura sem uso do fogo, sistemas agroflorestais, manejo de açaí, enriquecimento de capoeira e apicultura. Os resultados indicaram que o pagamento do Proambiente teria sido insuficiente para incentivar o abandono do uso da terra tradicional e que poderia ter sido mais promissor fornecer condições para que os agricultores familiares realizassem a transição para usos da terra capazes de fornecer maiores níveis de renda no longo prazo, como sistemas agroflorestais e manejo de açaizal.

  9. A Nova Configuração Territorial do Nordeste: desigualdade e fragmentação 1

    OpenAIRE

    Maria Cleide Carlos Bernal

    2005-01-01

    A região Nordeste passou por grandes transformações econômicas nas duas últimas décadas do século passado, movidas pelas mudanças ocorridas no Brasil e na economia mundial. No cenário mundial a reestruturação produtiva e a globalização financeira impuseram aos governos neoliberais como o do Brasil uma inserção subordinada através da liberalização comercial e da desregulação dos fluxos financeiros. A desconcentração industrial a partir de São Paulo marca a maior parte dessas transformações, q...

  10. O mundo muçulmano em uma era global: a proteção dos direitos das mulheres The muslim world in a global age: protecting women's ights

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mahmood Monshipouri

    2004-06-01

    Full Text Available As mulheres muçulmanas enfrentam, simultaneamente, três desafios. Em primeiro lugar, elas representam uma identidade islâmica que, com freqüência, está em conflito com regimes políticos modernos e com as elites dos Estados. Em segundo lugar, elas devem lutar contra os fundamentalistas islâmicos, cujas idéias, instituições e objetivos são por elas rejeitados com veemência. Por fim, e tão importante quanto os outros desafios, elas enfrentam no dia-a-dia a cultura patriarcal dominante nos lugares onde vivem. As questões relacionadas aos direitos das mulheres são agravadas pelas dificuldades que as mulheres muçulmanas encontram em uma cultura patriarcal na qual a mulher é geralmente caracterizada por estereótipos. Se, por um lado, a "solidariedade sem fronteiras" possibilitou a promoção de direitos das mulheres dentro e através das culturas, por outro, ela também se depara com questões sociais mais amplas e mais complexas. Embora essa solidariedade global sofra resistência em muitas partes do mundo muçulmano, o empowerment das mulheres é visto como o antídoto mais eficaz contra o extremismo no mundo muçulmano. Este trabalho pretende contextualizar a análise de gênero nos âmbitos cultural, econômico e político, de modo a lidar com três questões: (1 por que as mulheres muçulmanas se tornaram agentes de mudança, reforma e democratização no mundo globalizado? (2 qual o impacto da globalização sobre as mulheres muçulmanas e sobre a ascensão do feminismo islâmico? (3 de que maneira as mulheres muçulmanas podem respeitar a integridade de sua cultura, ao mesmo tempo que se mantêm receptivas a valores, idéias e instituições universais?Muslim women encounter three fronts simultaneously. First, they represent an Islamic identity that more often than not is in conflict with modern political regimes and state elites. Secondly, they must fight against Islamic fundamentalists, whose ideas, institutions, and goals

  11. Um encontro de mulheres: dar à luz

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maysa Luduvice Gomes

    1998-09-01

    Full Text Available Este trabalho analisa a relação que se estabelece entre a mulher durante o processo de parturição e a enfermeira obstetra, mulher e agente institucional. Discute-se como a experência de submissão é vivenciada pela mulher, sujeito de um processo anátomo-fisiológico, e a forma pela qual se expressa o exercício do poder e dominação da instituição que a enfermeira representa sobre a mulher usuária. Expõe-se a submissão da mulher ao serviço e sua expectativa com relação ao momento do parto, ao medo da dor e aos maus tratos. Analisa-se o poder sutil e educado exercido pela enfermeira sobre a parturiente, mostrando também que é uma mulher que cuida de outra, expressando sua subjetividade, a qual é sufocada pelo padrão da racionalidade científica moderna. A abordagem foi qualitativa e os dados, coletados através da observação participante em entrevista semi-estruturada, foram analisados dialeticamente.

  12. Entre o sonho e a realidade: a maternidade na adolescência sob a ótica de um grupo de mulheres da periferia da cidade de Maceió–AL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ruth França Cizino da Trindade

    2007-04-01

    Full Text Available Este foi um estudo de natureza qualitativa, que teve como objetivo compreender, a partir da experiência de mulheres que se tornaram mães na adolescência, o significado da maternidade no contexto de vida destas mães. Participaram 14 mulheres na faixa etária de 20 a 24 anos, residentes na periferia de Maceió, capital do estado de Alagoas. A coleta de informação foi realizada por meio de entrevistas, utilizando a história oral temática como procedimento metodológico. Foram construídas narrativas, a partir das histórias de vida das mulheres, posteriormente, analisadas à luz do referencial de gênero. Observamos que as entrevistadas tiveram sua iniciação sexual durante o período de namoro quando não haviam recebido orientações prévias sobre sexualidade ou saúde reprodutiva. Algumas mulheres conviviam com seus parceiros quando aconteceu a gravidez, porém, mesmo assim, consideraram esse fato inesperado. Houve aceitação da gravidez pela maioria delas, e também ocorreu a união, ainda que não de maneira legalizada, de muitos casais que não viviam juntos. Tentativas de abortamento, quando da não-aceitação imediata do parceiro, foram relatadas. As questões de gênero mostram-se presentes nas relações conjugais, com os parceiros figurando como provedores da família e as mulheres mantidas sob sua dependência, centradas no ambiente doméstico, assumindo responsabilidade pelo cuidado da casa, dos filhos e do companheiro. Os homens agiam mais livremente, mantendo relações extraconjugais e chegavam a agredir suas mulheres, em casa. Apesar de ressentidas com essa atitude dos companheiros, elas mantinham o relacionamento com eles. As entrevistadas deixaram explícito que lamentavam a perda da liberdade, do lazer, da oportunidade de trabalho e de estudo ao assumirem a maternidade. Por outro lado, enfatizaram seu não-arrependimento por terem levado a gravidez até o fim. Assim o cotidiano dessas mulheres parece centralizado no

  13. Representações da mulher em cartas bíblicas analisadas sob a perspectiva sistêmico-funcional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Angela Maria Rossi

    2014-02-01

    Full Text Available Este artigo tem como objetivo analisar como a linguagem é usada para representar a mulher em duas cartas bíblicas do Novo Testamento sob o enfoque da Gramática Sistêmico-Funcional, de Halliday e Matthiessen (2004. Para isso, utilizamo-nos de categorias que realizam as três metafunções da linguagem. Na metafunção ideacional, ocupamo-nos do sistema de transitividade; da metafunção interpessoal, focalizamos o sistema de MODO e a polaridade; na metafunção textual, detemo-nos na estrutura temática. A análise conjunta dessas categorias evidenciou que a escolha pelo Tema Ideacional conjugada à função de fala proposta direcionada à mulher e às funções léxico-gramaticais de Ator, Experienciador e Portador desempenhadas por esse participante representam a mulher principalmente como submissa ao homem, ao marido e à sociedade.

  14. Pesquisa da infecção natural por Yersinia pestis, em pulicídeos provenientes de focos pestosos do nordeste do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Darci Pascoal Brasil

    1989-12-01

    Full Text Available Foram avaliados três processos de acondicionamento e transporte de pulgas, objetivando análise bacteriológica para isolamento da Yersinia pestis. As três abordagens testadas foram: pulgas vivas em tubos de ensaio com tiras dobradas de papel de filtro; pulgas em solução salina; macerados de pulgas em meio de Cary-Blair. Os dois últimos métodos foram quase iguais e superiores ao primeiro. Foram analisadas pelas três técnicas, um total de 29.512 "pools" de pulicideos provenientes de focos de peste do Nordeste do Brasil no período de 1966 a 1982. Deste total, 236 (0,80% dos "pools" foram positivos por cultura e/ou inoculação em animais sensíveis.Three different containment transport processes of fleas were evaluated as an approach to the bacteriologic isolation of Yersinia pestis. The three methods employed were: live fleas in glass tubes containing pieces of wrapped filter paper; dead fleas in saline solution; and maceratedfleas in Cary-Blair culture medium. The two latter methods were almost equal and superior to the first method. A total of 29512 flea pools, from plague foci in Northeast Brazil collected during 1966 to 1982 were evaluated by the three methods. Among these samples, 236 (0.80% flea pools were positive with regard to bacteriological cultivation and/or infection of susceptible animals.

  15. Pobreza multidimensional nos municípios da Região Nordeste

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Janaina Ottonelli

    2014-10-01

    Full Text Available Na abordagem das capacitações de Sen (1981, 1985, 2000, 2001, a pobreza significa privação em diferentes aspectos da vida. O objetivo deste estudo é mensurar a pobreza multidimensional nos municípios da Região Nordeste por meio da teoria dos conjuntos fuzzy e dados do Censo Demográfico (IBGE, 2010. São utilizados 19 indicadores (funcionamentos distribuídos em quatro dimensões: educação, saúde, condições habitacionais e renda. Os resultados indicam pobreza, com destaque nas dimensões da renda e da educação, principalmente nos estados de Maranhão, Alagoas, Piauí e Paraíba. Políticas de redução da pobreza precisam considerar quais são as privações sofridas pelas pessoas e as particularidades do local onde vivem.

  16. Cuidado de si e relações de poder: enfermeira cuidando de outras mulheres

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Renata Moura Rabelo

    Full Text Available RESUMO Objetivo: analisar o cuidado de si de enfermeiras e as relações de poder estabelecidas por elas no cuidado de outras mulheres. Método: revisão integrativa da literatura publicada entre os anos de 2005 e 2015. Compuseram a amostra 25 publicações. Resultados: estado da arte majoritariamente qualitativo com domínio de referenciais de uma perspectiva libertadora, pautada na humanização, autonomia e empoderamento como estratégia de redução de riscos na prática do cuidado à mulher. Os achados sugerem relações de poder solidificadas entre enfermeiras-mulheres, centradas no domínio profissional com forte concentração na formação da enfermeira sob o discurso patriarcal e de normalização da sociedade. Alguns estudos ponderam a importância da compreensão do poder na forma capilar, operando nos corpos dos indivíduos. Conclusão: há pouca discussão sobre o cuidado de si de enfermeiras e dos efeitos na sua prática profissional, indicando lacunas no conhecimento neste campo.

  17. Relações afetivo-sexuais e prevenção contra infecções sexualmente transmissíveis e aids entre mulheres do município de Vitória - ES

    OpenAIRE

    Amorim, Melissa Mattos; Andrade, Ângela Nobre de

    2006-01-01

    Objetivou-se conhecer como mulheres vivenciam a prevenção de infecções sexualmente transmissíveis (IST) e aids em suas relações afetivo-sexuais. Foram realizados dois grupos de discussão e 12 entrevistas individuais com mulheres na faixa etária de 20 a 35 anos. Um grupo foi composto por cinco participantes com ensino fundamental ou médio (Grupo1) e o outro, por sete participantes com ensino superior completo ou incompleto (Grupo2). Apenas três participantes faziam uso consistente do preservat...

  18. Entre o bordado e a renda: condições de trabalho e saúde das labirinteiras de Juarez Távora/Paraíba

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tânia Batista da Cunha

    Full Text Available Este artigo trata da análise da atividade desenvolvida por um grupo de mulheres, em uma cidade do interior da Região Nordeste do Brasil, que se dedicam a um artesanato denominado “labirinto”. Trata-se de um bordado trabalhoso, utilizado para produzir peças de decoração e vestuário. O objetivo do estudo é verificar a relação das condições e da organização do trabalho e a saúde das labirinteiras. Foram utilizados os aportes teóricos da ergonomia da atividade e da psicodinâmica do trabalho, por permitirem analisar o trabalho real e as vivências subjetivas de prazer e sofrimento ligadas ao trabalho. Como instrumentos metodológicos, foram utilizadas observações, entrevistas individuais e entrevistas em grupo. Os resultados indicam que se trata de uma atividade majoritariamente desenvolvida por mulheres que se acham inseridas no mercado informal de trabalho. O processo, a organização e as condições de trabalho tornam essas trabalhadoras dependentes de comerciantes intermediários, em situação vulnerável para a saúde e sem poder de mobilização para se organizarem em cooperativas de trabalho.

  19. Histórias de perdas fetais contadas por mulheres: estudo de análise qualitativa Histories of fetal losses told by women: research qualitative study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alba Lúcia Dias dos Santos

    2004-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: (Reconhecer o significado da perda fetal para mulheres que vivenciaram a experiência, a partir da compreensão do processo de gravidez, com base em seus relatos. MÉTODOS: Pesquisa de análise qualitativa com base nas histórias de sete mulheres que vivenciaram a experiência de perda fetal, no município de Arujá, SP, no período de julho de 1998 a junho de 1999. As mulheres foram identificadas a partir de atestados de óbito de nascidos mortos no período de estudo, obtidos no Cartório de Registro Civil de Arujá. Como procedimentos metodológicos, foram utilizadas a técnica de história oral para a coleta de dados e a técnica de análise de conteúdo do material coletado. As entrevistas realizadas foram gravadas e transcritas integralmente, e posteriormente recortadas para análise. RESULTADOS: Os achados foram analisados, contemplando dois momentos: o contexto circunstancial da gravidez e o impacto após a perda, adotando-se categorias temáticas específicas. A primeira parte aborda a percepção da gravidez, a notícia da vinda do bebê, os problemas de saúde até a perda e o atendimento do serviço de saúde. O significado da perda do bebê para as mulheres desse estudo foi evidenciado por três eixos centrais: perda de parte dela, fatalidade atribuída ao divino e mudanças de atitude perante a vida. A rede social de apoio a essas mulheres foi constituída sobre dois pilares: a família e a igreja, sendo praticamente inexistente o apoio de serviços de saúde. Ao final, todas elas expressaram a vontade de viver, a necessidade de trabalhar, de estudar e, até mesmo, de ter nova gravidez. CONCLUSÕES: Faz-se necessária uma mudança de paradigma nessa missão de atender pessoas; é preciso humanizar o atendimento nos serviços de saúde. Ficou muito evidente a necessidade do acompanhamento de usuárias de serviços de saúde que tiveram uma perda fetal, por uma equipe multiprofissional. Foi evidenciada, também, a import

  20. Prevenção da violência contra mulheres: desafios na articulação de uma rede intersetorial Prevention of violence against women: challenges in the articulation of an intersetorial network Prevenção da violência contra mulheres: desafios na articulação de uma rede intersetorial

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Krieger Grossi

    2012-11-01

    Full Text Available

    Este artigo tem por objetivo destacar a importância da intersetorialidade na prevenção da violência contra a mulher através da articulação de diferentes atores sociais preocupados e comprometidos com a redução dos índices de violência contra a mulher e conseqüentemente com uma sociedade mais justa e equitativa. Estes desafios na articulação da rede de serviços de proteção à mulher em situação de violência doméstica serão ilustrados pelas falas de gestores das políticas de assistência social, coordenadores das Políticas de Mulheres e profissionais que atuam em Centros de Referência de Mulheres, Centros de Referência de Assistência Social (CRAS e Centro de Referência Especializado da Assistência Social (CREAS em municípios do Estado do Rio Grande do Sul.

    This article has the objective of highlighting the importance of sectoriality action in the prevention of violence against women through the articulation of different social actors concerned and committed to the reduction of the violence against women rates, and consequently with a more fair and equal society. These challenges in the articulation of the network of protection services for women in domestic violence are illustrated by the managers of the social welfare policies, coordinators of women´s policies and professionals that work in Reference Centers for Women, Reference Centers of Social Welfare (CRAS and Specialized Reference Center of Social Welfare (CREAS in municipalities of the State of Rio Grande do Sul.

    Este artigo tem por objetivo destacar a importância da intersetorialidade na prevenção da violência contra a mulher através da articulação de diferentes atores sociais preocupados e comprometidos com a redução dos índices de violência contra a mulher e consequentemente com uma sociedade mais justa e equitativa. Estes desafios na articulação da rede de serviços de proteção à mulher em situação de violência dom

  1. A tríplice jornada de mulheres pobres na universidade pública: trabalho doméstico, trabalho remunerado e estudos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rebeca Contrera Ávila

    2012-09-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.1590/S0104-026X2012000300011 Este artigo é fruto de uma pesquisa de abordagem microssociológica realizada commulheres de camadas populares que frequentam cursos noturnos em uma universidade pública.Trata da experiência de mulheres que, a despeito de já levarem uma dupla jornada de trabalhodiária como mães, donas de casa e profissionais, resolvem dar prosseguimento aos estudos ecursar a universidade, passando a vivenciar uma tríplice jornada de trabalho diária. Além decolocar em evidência algumas das estratégias de sobrevivência e longevidade escolarempreendidas por essas mulheres no interior do espaço universitário, aponta também como sedeu a conciliação (ou não entre as obrigações domésticas, trabalhistas e escolares. Ao mesmotempo que se percebem como mulheres-vítimas, também se impõem como mulheres-sujeitos.São conscientes de suas limitações, mas se negam a desistir de seus sonhos.

  2. Ideologia judaico-cristã: a violência simbólica contra a mulher transmitida historicamente e reproduzida pelos agentes escolares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andreza Marques de Castro Leão

    2015-10-01

    Full Text Available A ideologia oriunda do pensamento religioso transita na sociedade por meio dos seus agentes formadores. No contexto escolar nota-se uma realidade aplicável ao conceito de violência que estabelece uma cultura de submissão da mulher ao homem e que se reproduz por meio destes agentes. De fato a ideologia religiosa da cultura judaico-cristã chegou à educação nas suas várias nuances, inclusive na cultura escolar de maneira sutil, através da interiorização de seus conceitos pelos indivíduos que o assimilaram como natural. Considerando esta realidade, o presente estudo, de cunho teórico, problematiza o conceito de ideologia, buscando compreender a trajetória da sujeição da mulher, da antiguidade aos dias atuais, bem como, esboça o quadro político da contra-ideologia. Em linhas gerais, busca mostrar que os adeptos da cultura judaico-cristã persistem em perpetuar a violência simbólica contra a mulher a qual tem sido cada vez mais questionada, principalmente, quando confrontada com os escritos do criador do cristianismo, que colocou a mulher em condição e tratamento de igualdade, sem desvalorização. Outrossim, este artigo denuncia que é preciso um olhar mais atento da academia às sutilezas dos livros considerados sagrados, pois podem trazer importantes elementos para a compreensão dos muitos mitos e tabus das relações de gênero presentes na contemporaneidade.

  3. Mulheres ciganas, criminalidade e adaptação ao meio prisional

    OpenAIRE

    Segurado, Nuno

    2014-01-01

    Dissertação de Mestrado em Relações Interculturais apresentada à Universidade Aberta Este trabalho tem por base o estudo das reclusas ciganas no Estabelecimento Prisional de Tires, a cumprir pena efetiva com trânsito em julgado, com o objetivo de perceber o tipo de criminalidade associado à mulher cigana e o processo de adaptação ao meio prisional. Nesse sentido, foi realizada uma abordagem sobre o desenvolvimento do sistema penal e do sistema prisional português enquanto in...

  4. A religião e o discurso de mulheres sobre o abortamento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela Vitti Ribeiro da Silva

    Full Text Available Esta pesquisa teve como objetivo verificar a proximidade entre o discurso religioso e o de fiéis a respeito da prática abortiva, analisando os discursos cristãos (católico e espírita e não-cristãos (mórmon e Seicho-No-Ie. Por meio da análise de 40 entrevistas, confirmou-se a proximidade dos discursos e percebeu-se que a religião é um fator que pode exercer alguma influência sobre a decisão da mulher de realizar um abortamento, apesar de outros fatores (econômicos e sociais terem aparecido com maior frequência. O discurso de algumas mulheres revelou a importância da religião como fonte de conscientização a respeito da importância da vida, caracterizando um fator de proteção do abortamento.

  5. Mulheres, migrantes, trabalhadoras: a segregação no mercado de trabalho

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Delia Dutra

    Full Text Available O presente trabalho, ancorado em uma pesquisa desenvolvida no âmbito do Centro Scalabriniano de Estudos Migratórios, analisa a experiência vivida por mulheres migrantes em diversos países centrando a reflexão na dimensão do trabalho no contexto do processo migratório internacional. Tomando como ponto de partida a perspectiva das próprias protagonistas - paraguaias no Brasil, brasileiras nos Estados Unidos, haitianas na República Dominicana, colombianas no Equador, filipinas na Itália e nicaraguenses na Costa Rica -, busca-se identificar dificuldades enfrentadas no que refere à vida profissional dessas mulheres. Parte-se do entendimento de que a migração pode ser vista como uma alternativa para escapar de situações de pobreza e exclusão do mercado de trabalho no país de origem. A pesquisa aponta a existência de segregação no mercado de trabalho.

  6. Características sociodemográficas e clínicas das internações psiquiátricas de mulheres com depressão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Richardson Miranda Machado

    2013-03-01

    Full Text Available Estudo retrospectivo e exploratório, realizado com objetivos de identificar e analisar características sociodemográficas e clínicas de internações psiquiátricas de mulheres acometidas por depressão. O estudo foi realizado a partir do Sistema de Internações Hospitalares de um serviço especializado. A amostra foi constituída por 24.161 pacientes admitidos; 1.160 tiveram diagnóstico de depressão (4,8%, com predominância do sexo feminino (761-65,6%, faixa etária de 41 a 50 anos (194-25,4%, procedentes para internação de diferentes serviços de saúde (273-35,8%, com tempo de internação de 60 dias (311-40,8%, altas médicas (687-90,2%, uma internação hospitalar (661-86,8% e internações pagas pelo Sistema Único de Saúde (633-83,2%. Os aspectos biológicos (hormonais, culturais (papel da mulher na sociedade, automedicação, diagnóstico tardio e coocorrência com outras doenças foram os principais fatores relacionados ao acometimento por depressão pelas mulheres e internação. Tais aspectos devem direcionar uma melhor abordagem do cuidado e promoção da saúde mental.

  7. Trabalho em saúde: retrato dos agentes comunitários de saúde da região Nordeste do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paloma Ribeiro Pires Simas

    Full Text Available Resumo O objetivo deste estudo consistiu em caracterizar o perfil e os aspectos relacionados à gestão do trabalho dos agentes comunitários de saúde na Região Nordeste do Brasil. Trata-se de um estudo transversal, que contemplou 535 agentes comunitários distribuídos em 107 unidades básicas de saúde da Região Nordeste do Brasil. Os dados foram extraídos de oito blocos de questões referentes à Percepção dos Agentes Comunitários de Saúde sobre aspectos: sociodemográficos, econômico e político; mecanismos de contratação e remuneração; valorização do trabalhador, condições de trabalho e processos de formação dos agentes. Os resultados apontam que a proporção de agentes comunitários contratados pela administração direta na Região Nordeste é predominante. A forma de inserção dos agentes comunitários nos serviços de saúde se deu por concurso seguido de seleção pública. A administração direta é a principal forma de contratação, no entanto, novas modalidades, como as fundações de direito público e privado, organizações sociais e consórcios intermunicipais, constituem alternativas adotadas pelos gestores, produzindo um conjunto de fragilidades provocadas pela flexibilização das relações de trabalho.

  8. Atores, canais de comercialização e consumo da mangaba no nordeste brasileiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dalva Maria da Mota

    2008-03-01

    Full Text Available O objetivo deste artigo é analisar processos que vão do extrativismo ao consumo da mangaba, enfatizando os diferentes atores em cena, as suas relações, os canais de comercialização e as características do consumo. A pesquisa foi realizada no nordeste do Brasil (BA, AL, SE e PE, por meio de métodos qualitatitivos e quantitativos. Os principais resultados mostram uma fraca tendência de domesticação para atender à demanda crescente do mercado e ameaças ao extrativismo por fatores externos.The aim of this article is to analyse the processes which begins from raw material extraction to the consumption of mangaba, emphazising different actors, their relationships, marketing channels, and consumption characteristics. The research was carried out in the Northeast of Brazil (Brazilian states of Bahia, Alagoas, Sergipe and Pernambuco using quantitative and qualitative approaches. The main results indicated weak domestication of mangaba trees to attend to an increasing market demand, and threats to extractivism by external factors.

  9. O perfil da mulher portadora de HIV/AIDS e sua adesão à terapêutica antirretroviral

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gabriela Felix

    2012-08-01

    Full Text Available Esse trabalho teve como objetivos caracterizar o perfil sociodemográfico e clínico, os comportamentos em saúde, crenças e atitudes sobre a doença e o tratamento de mulheres com HIV/AIDS atendidas no serviço ambulatorial de um hospital universitário do interior de São Paulo, bem como identificar fatores que interferem na adesão à terapêutica antirretroviral. Os sujeitos do estudo foram 60 mulheres acompanhadas no serviço. Os dados foram colhidos por meio de entrevista semiestruturada. As mulheres tinham idade média de 39,8 (desvio padrão 9,1 anos, baixa escolaridade, condições socioeconômicas insatisfatórias e mantinham relacionamento estável. A relação heterossexual foi a forma mais frequente de infecção; 55% das mulheres já abandonaram o tratamento e alegavam como principais motivos os esquemas terapêuticos impostos, os efeitos colaterais dos antirretrovirais, o enfrentamento psicológico da doença e o pesar iminente da morte; 35% delas não atingiram critérios de adesão considerando-se o uso de 95% da terapêutica antirretroviral prescrita.

  10. Vivência de mulheres que se submeteram à gastroplastia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Glenda Agra

    2009-12-01

    Full Text Available A gastroplastia reduz as co-morbidades e melhora a qualidade de vida, resgatando a auto-estima e inclusão social doobeso mórbido. O estudo teve como objetivo investigar a vivência de mulheres que se submeteram à gastroplastia, apartir de seus discursos. Trata-se de um estudo exploratório com abordagem qualitativa, do qual participaram 16pacientes mulheres que se submeteram à cirurgia bariátrica. Os dados foram coletados nos meses de junho a julho de2007, por meio da técnica de entrevista semi-estruturada, com a utilização do sistema de gravação, as quais foramanalisadas qualitativamente, à luz da técnica do Discurso do Sujeito Coletivo. Emergiram as seguintes idéias centrais:elevação da auto-estima e bem-estar psicológico; promoção de bem-estar físico; mudança negativa no pós-operatórioimediato e mediato; mudança positiva após a fase de adaptação; possibilidade de maior socialização; satisfaçãofamiliar e pessoal enquanto mulher e maior disposição, segurança e melhor estado de humor. Conclui-se, portanto,que, a gastroplastia é um tratamento cirúrgico para obesos mórbidos, que remete à perda ponderal, melhora a autoestima,mas que traz conseqüências negativas. Daí a importância do cuidar destas pacientes desde a decisão de sesubmeter à cirurgia até a total reabilitação.

  11. Conceitos de mulheres sobre sua menstruação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia Yuri Shinohara

    1994-06-01

    Full Text Available Dando prosseguimento às pesquisas anteriores realizadas pelo Núcleo de Assistência para o Autocuidado da Mulher (NAAM sobre aspectos relativos à menstruação, desenvolvemos um trabalho que estudou os conceitos de 705 mulheres sobre sua menstruação. Foram utilizadas informações do banco de dados do NAAM, obtidos na aplicação do Histórico de Saúde da Mulher no Município de Vargem Grande Paulista. O conceito mais relatado pelas mulheres foi o Normal. Isto talvez explique os dados obtidos em trabalhos anteriores, onde muitas mulheres nada fazem para aliviar os sintomas dolorosos da menstruação. O acesso a estes conceitos próprios é importante para elaborar uma assistência de enfermagem de qualidade respeitando as crenças e valores dentro da cultura das mulheres.

  12. Consulta coletiva: o espaço da mulher

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dulcéa Machado Martins

    1991-06-01

    Full Text Available Este trabalho foi desenvolvido no S/CMS "Píndaro de Carvalho Rodrigues", Rio de Janeiro, 1988, por assistente social, nutricionista, enfermeira e médica. Teve como objetivos: melhorar a qualidade de atendimento; discutir os resultados dos exames, o tratamento e a importância do preventivo para a saúde da mulher; propiciar à mulher um fórum de discussões de suas questões; contribuir para a reciclagem dos profissionais, através da troca de experiências e de informações. A metodologia utilizada constou de agendamento para consulta subseqüente; avaliação dos resultados dos exames; estabelecimento da terapêutica; discussão coletiva dos resultados dos exames entre equipe e usuárias; discussão livre sobre temas de interesse das mulheres. Obtivemos como resultados: o aumento da oferta de consultas de primeira vez em 42,7%; do tempo de consulta em dez minutos por cliente; da cobertura de exame preventivo e de mamas; rastreamento de sífilis e gonorréia; melhora na qualidade do atendimento à mulher, enquanto ser integral: valorização de suas experiências e vivências, seja na discussão de queixas e problemas, seja na avaliação dos serviços de saúde. A relevância deste trabalho pode ser evidenciada no fato de ser uma experiência pouco comum, podendo servir como ponto de referência para a discussão sobre o aumento da oferta de consultas, aliado à qualidade no atendimento.This experience took place in a Medical Center, in Rio de Janeiro, in 1988. The group responsible for it included a social worker, a nutritionist, a nurse and a gynecologist. The aims were: to offer better health care; to discuss the importance, the results and the appropriate therapies of the Pap smear; to offer women an opportunity to meet and discuss their problems, experiences, desires, expectations; and to offer to the health professionals the opportunity to re-think their own practices. The methodology used was characterized by making appointments for

  13. MARCA EXPORTADA É MELHOR DO QUE UMA APENAS LOCAL?UM ESTUDO EXPLORATÓRIO COM MULHERES EM SÃO PAULO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    VIVIAN STREHLAU

    2007-01-01

    Full Text Available As marcas brasileiras de biquínis gozam de boa imagem na Europa e Estados Unidos, mas pouco se sabe como isso vem afetando a compra dentro do país. A pesquisa procurou identificar os principais fatores que influenciam a escolha das maiores marcas exportadoras de biquíni por mulheres jovens e mais especificamente se existe valor percebido quanto à marca ser exportada. Esse artigo está apoiado em pesquisa exploratória quantitativa baseada em questionários fechados, aplicados junto a 179 mulheres na faixa etária entre 18 e 35 anos, das classes AB, consideradas as maiores consumidoras. Utilizou-se o método de amostragem não probabilístico, com amostra por conveniência. Uma análise de natureza quantitativa com o uso de SPSS permitiu identificar que a marca exportada influencia positivamente a decisão de compra e que os fatores mais relevantes na compra de um biquíni, obtidos através de análise fatorial são: o lado fashion, o mais importante, seguido por design, modelo e conforto.

  14. Respostas cardiopulmonares agudas de mulheres no treinamento de força

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcio Antônio Gonsalves Sindorf

    2013-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Investigar as respostas cardiopulmonares de uma sessão de treinamento de força em mulheres jovens. MÉTODO: Participaram do estudo 23 mulheres, com idade entre 18 e 29 anos. Todas as voluntárias foram submetidas aos seguintes testes: cardiopulmonar e de uma repetição máxima (1-RM. O protocolo de treinamento de força teve ênfase em hipertrofia muscular, três séries de oito a 12 repetições a 70% de 1-RM, com intervalos de um minuto e 30 segundos entre as séries. Durante a sessão de treinamento foi realizada a medida das variáveis cardiopulmonares por meio de analisador de gases metabólicos e módulo de telemetria. RESULTADOS: Os resultados do consumo de oxigênio da sessão de treinamento foram de 8,43 ± 1,76 ml/kg/min e da frequência cardíaca de 108,08 ± 15,26 bpm. Os resultados do consumo de oxigênio e da frequência cardíaca do treino foram inferiores (p < 0,01 ao do limiar ventilatório e das reservas do consumo de oxigênio e da frequência cardíaca. CONCLUSÃO: Os dados obtidos indicam que o presente protocolo de treinamento de força proporcionou pequena sobrecarga ao sistema cardiorrespiratório de mulheres jovens.

  15. Processos de territorialização de variedades dialetais do italiano como línguas de imigração no nordeste do Rio Grande do Sul

    OpenAIRE

    Luciana Santos Pinheiro

    2014-01-01

    A presente pesquisa contribui com os estudos de plurilinguismo e contatos linguísticos, enfocando as relações entre língua e espaço pluridimensional. Seu tema são os processos de territorialização do italiano como língua de imigração na Região de Colonização Italiana no Nordeste do Rio Grande do Sul (RCI). Com base em um corpus organizado e disponibilizado por Frosi & Mioranza (1975; 1983), e complementado por dados de acervos diversos, pretende-se 1) mapear a diversidade dialetal dos imigran...

  16. VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER: PROBLEMATIZANDO DEFINIÇÕES TEÓRICAS, FILOSÓFICAS E JURÍDICAS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maisa Campos Guimarães

    2015-08-01

    Full Text Available A violência doméstica contra a mulher é um fenômeno múltiplo e complexo que tem destacado importantes discussões teórico-filosóficas e questionamentos ético-políticos. O presente artigo se propõe a articular a perspectiva de gênero às análises sobre violência em suas dimensões subjetiva, histórica, social e cultural, buscando (releituras críticas acerca das definições dessas violências. O olhar sobre a cultura machista e patriarcal brasileira revela posturas de legitimação e banalização de tais violências que legislações recentes, como a Lei Maria da Penha, buscam superar. Esta lei traz inovações jurídicas e processuais que pretendem empreender mudanças legais, políticas e culturais na afirmação dos direitos humanos das mulheres. Por tais perspectivas, propomos-nos a problematizar definições e tipificações das violências contra as mulheres e articular uma compreensão com a perspectiva ética e histórica dos direitos humanos, incorporando assim as dimensões ética e política ao olhar crítico e complexo sobre a violência doméstica contra a mulher.

  17. (Invisibilidade da violência contra as mulheres na saúde mental

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariana Pedrosa

    Full Text Available RESUMO O objetivo deste estudo foi realizar um levantamento acerca da percepção, crenças e conhecimentos sobre violência contra as mulheres e políticas públicas em profissionais de saúde mental. Foram realizadas 12 entrevistas e, a partir da análise de seus conteúdos, foram criadas cinco categorias: “percepção das demandas apresentadas por homens e mulheres”, “experiência no atendimento a mulheres que sofreram violência”, “relação entre violência e saúde mental”, “conhecimento sobre a Lei Maria da Penha e políticas públicas para as mulheres” e “(desconhecimento da notificação compulsória da violência contra as mulheres”. Os profissionais apresentaram dificuldade para lidar com o tema, principalmente relacionada à notificação da violência e ao encaminhamento do caso. A atuação é baseada na intuição e não em conhecimentos teórico práticos.

  18. Mulheres negras e brancas e os níveis de acesso aos serviços preventivos de saúde: uma análise sobre as desigualdades

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Emanuelle Freitas Goes

    Full Text Available O racismo institucional é um fator determinante no acesso aos serviços de saúde, principalmente para as mulheres negras que sofrem com o impacto das intersecções das desigualdades de gênero e raça. O objetivo deste estudo é determinar os diferenciais das características sócio demográficas e os níveis de acesso aos serviços preventivos de mulheres na Bahia, segundo raça/cor. Os resultados revelam que, para o nível de acesso considerado bom, as mulheres brancas representam 15,4%, enquanto as negras respondem por 7,9%. O estudo demonstrou que as desigualdades raciais e o racismo institucional são uma barreira no acesso aos serviços preventivos de saúde para as mulheres negras.

  19. A identidade da mulher na modernidade Women's identity in modernity

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Josênia Antunes Vieira

    2005-01-01

    Full Text Available O artigo trata das mudanças na constituição da identidade da mulher diante das novas práticas discursivas, produto das modificações nas ordens do discurso, resultado da globalização da economia. Essas mudanças alteraram a vida e a intimidade das pessoas, modificando-lhes o modo de ser. Assim, as transformações das relações sociais trazem dificuldades para a construção identitária feminina. Para isso, o artigo discute, à luz da análise de discurso crítica, os tópicos: a construção social da identidade da mulher; o papel do sujeito; a tecnologia e a mídia como agentes fragmentadores da identidade da mulher; a espacialização no discurso feminino; o discurso do corpo na auto-realização identitária; a identidade da mulher diante das transformações da sexualidade; a construção da identidade do gênero feminino na família; a questão identitária e o ensino e, por fim, o trabalho como força estruturante da identidade feminina.This paper deals with changes in the constitution of women's identity in relation to new discourse practices. These are the result of changes in discourse orders due to economic globalization. These changes have altered people's lives and their intimacy, thus modifying their way of being. In this sense, changes in social relations have brought about difficulties in the construction of female identity. Thus, this article, based on critical discourse analysis, seeks to discuss the following issues: the social construction of women's identity; technology and the media as fragmentary agents in women's identity; spatialization in female discourse; the discourse of the body in identity self-realization; women's identity vis à vis transformations in sexuality; the construction of female identity in the family; the identity issue and education and, finally, the world of work as a structuring element in female identity.

  20. Biologia floral e sistema reprodutivo de Cattleya granulosa Lindl., uma orchidaceae ameaçada e endêmica do Nordeste do Brasil

    OpenAIRE

    de Araújo Costa, Rosaly

    2010-01-01

    Cattleya granulosa Lindl. é uma orquídea endêmica e ameaçada de extinção restrita a fragmentos de Floresta Atlântica do Nordeste do Brasil. A biologia floral e os sistemas reprodutivos de C. granulosa no Parque das Dunas e Barreira do Inferno no Rio Grande do Norte foram investigados, e ainda, foram realizadas coletas de machos de abelhas Euglossini atraídos por iscas odores para verificar a ocorrência de políneas aderidas ao corpo. As flores apresentam cores que variam ent...

  1. ANOTAÇÕES SOBRE A AUTO-ORGANIZAÇÃO DAS MULHERES: O EXEMPLO DA VIA CAMPESINA NO BRASIL E DO MST

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claúdia Mazzei Nogueira

    2011-12-01

    Full Text Available Esse texto trata, em especial, da luta por uma divisão sócio-sexual do trabalho mais justa, travada pelas mulheres inseridas nos movimentos sociais presentes no espaço rural, que tem como objetivo a igualdade substantiva. Para tanto, indicamos e analisamos, introdutoriamente, alguns elementos que perfazem a auto-organização das mulheres do MST e Via Campesina no Brasil, que tem como apoio a centralidade do trabalho enquanto fundamento ontológico necessário para a luta da classe trabalhadora contra a “exploração” agroindustrial.

  2. Educação Cooperativista: Contribuição para o sucesso profissional e melhoria na condição socioeconômica das mulheres participantes, no IFCE, Campus Iguatu.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anny Kariny Feitosa

    2014-04-01

    Full Text Available O Programa Mulheres Mil oferece as bases de uma política social de inclusão e gênero, onde mulheres em situação de vulnerabilidade social têm acesso à educação profissional, ao emprego e renda. Neste sentido, a EducaçãoCooperativaé importante elemento que colabora paraaconstrução da consciência e valorizaçãodoserhumanoeda açãodemocrática, corroborando como alternativa para a geração de emprego e renda. Assim sendo, o presente projeto teve por objetivo investigar a contribuição do ensino da educação cooperativista diante da percepção das mulheres beneficiárias do Programas Mulheres Mil, do IFCE Campus Iguatu, a partir de oficinas de capacitação realizadas sobre o tema. Como resultado, concluiu-se pela importância da educação cooperativa como elemento parte do processo de qualificação das mulheres, que viabiliza a inserção no ambiente educacional e, principalmente, como alternativa para o ingresso no mercado de trabalho, geração de renda e melhoria da condição socioeconômica, por meio da atividade cooperativa. Foi possível, ainda, a partir dos resultados encontrados, a inserção do Cooperativismo na matriz curricular do Programa Mulheres Mil, IFCE Campus Iguatu, o que possibilita um aprofundamento maior sobre a temática.

  3. Validação de equações de predição da taxa metabólica basal em mulheres residentes em Porto Alegre, RS, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wahrlich Vivian

    2001-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Medir a taxa metabólica basal em mulheres de 20 a 40 anos, não-gestantes ou lactantes, e comparar o valor medido com os valores de taxa metabólica basal estimados por equações de predição. MÉTODOS: A taxa metabólica basal foi medida por calorimetria indireta, pela manhã, durante a fase folicular do ciclo menstrual, em 60 voluntárias residentes no município de Porto Alegre, RS, sob condições padronizadas de jejum, repouso e ambiente. RESULTADOS: A média (± desvio-padrão da taxa metabólica basal medida foi 1.185,3±148,6 kcal em 24 horas. A taxa metabólica basal, estimada por equações, foi significativamente maior (7% a 17% do que a taxa metabólica basal medida. CONCLUSÕES: Os dados evidenciaram que as equações de predição não são adequadas para estimar a taxa metabólica basal nas mulheres avaliadas. O emprego dessas equações podem superestimar os requerimentos energéticos para mulheres com características semelhantes.

  4. Validação de equações de predição da taxa metabólica basal em mulheres residentes em Porto Alegre, RS, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vivian Wahrlich

    2001-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Medir a taxa metabólica basal em mulheres de 20 a 40 anos, não-gestantes ou lactantes, e comparar o valor medido com os valores de taxa metabólica basal estimados por equações de predição. MÉTODOS: A taxa metabólica basal foi medida por calorimetria indireta, pela manhã, durante a fase folicular do ciclo menstrual, em 60 voluntárias residentes no município de Porto Alegre, RS, sob condições padronizadas de jejum, repouso e ambiente. RESULTADOS: A média (± desvio-padrão da taxa metabólica basal medida foi 1.185,3±148,6 kcal em 24 horas. A taxa metabólica basal, estimada por equações, foi significativamente maior (7% a 17% do que a taxa metabólica basal medida. CONCLUSÕES: Os dados evidenciaram que as equações de predição não são adequadas para estimar a taxa metabólica basal nas mulheres avaliadas. O emprego dessas equações podem superestimar os requerimentos energéticos para mulheres com características semelhantes.

  5. Mortalidade por acidentes de motocicleta no Brasil: analise de tendencia temporal, 1996-2009

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Evandro Tostes Martins

    2013-10-01

    Full Text Available OBJETIVO Analisar a tendência da mortalidade por acidentes de motocicleta no Brasil. MÉTODOS Estudo descritivo de séries temporais sobre a taxa de mortalidade de acidentes de motocicleta no Brasil, segundo unidades federativas e faixas etárias entre 1996 e 2009. Os dados de óbitos foram obtidos no Sistema de Informação sobre Mortalidade do Ministério da Saúde e da população no Instituto Brasileiro de Geografia Estatística. Taxas de mortalidade padronizadas foram calculadas no período para o Brasil como um todo e Unidades Federativas. Variações anuais das taxas de mortalidade foram estimadas pelo método de Prais-Winsten de regressão linear. RESULTADOS A taxa de mortalidade por acidentes de motocicleta aumentou de 0,5 para 4,5/100.000 habitantes de 1996 a 2009 (aumento de 800% no período e 19% ao ano. Estados com maiores taxas em 2009 foram: Piauí, Tocantins, Sergipe e Mato Grosso. As maiores taxas de crescimento foram observadas nos Estados das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. CONCLUSÕES Houve grande aumento das taxas de mortalidade por acidente de motocicleta em todo o Brasil no período, principalmente nos Estados do Nordeste.

  6. Curto-Circuito, Falta de Linha ou na Linha? Redes de Enfrentamento à Violência Contra Mulheres em São Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cecília MacDowell Santos

    2015-05-01

    Full Text Available Este artigo examina as abordagens das/os agentes do Estado sobre violência doméstica e os fatores que condicionam a aplicação da Lei Maria da Penha no que se refere às diretivas para a constituição e expansão de serviços criminais e não criminais a serem integrados em uma “Rede de Enfrentamento à Violência contra Mulheres”. Com base em uma pesquisa de campo realizada na cidade de São Paulo entre 2012 e 2014, o artigo mostra que, além das delegacias da mulher criadas nos anos 1980 e 1990, surgiram, na última década, novos serviços não criminais nas periferias da cidade, contribuindo para a expansão da Rede. No entanto, há várias redes, não apenas uma, as quais ora se cruzam e se alinham numa mesma abordagem sobre violência, ora se acham em conflito, ora funcionam em paralelo. As/os agentes do Estado abraçam diversas abordagens sobre violência doméstica contra mulheres, que variam entre uma perspectiva familista e perspectivas de gênero, feminista e interseccional de gênero, raça e classe social. Esta diversidade ilustra a heterogeneidade da cultura jurídicopolítica do Estado em relação aos direitos das mulheres, um Estado que caracterizo como “bipolar”, regulado, por um lado, pelo regime de gênero/mulher nas políticas para mulheres, e, por outro lado, pelo regime de família na assistência social e na segurança pública. Além do contexto político, três fatores contribuem para a heterogeneidade do Estado: o vínculo institucional dos serviços; o tipo de formação das/os agentes do Estado; a história dos serviços e suas relações com a comunidade local e com os movimentos sociais.

  7. Transtorno de estresse pós-traumático e uso de drogas ilícitas em mulheres encarceradas no Rio de Janeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Byanka Quitete

    2012-01-01

    Full Text Available CONTEXTO: O risco para o desenvolvimento de transtorno de estresse pós-traumático (TEPT entre mulheres encarceradas pode estar associado ao consumo de drogas. OBJETIVOS: Determinar a frequência de TEPT entre mulheres encarceradas e sua relação com o uso de drogas na prisão. As voluntárias foram também avaliadas para a determinação de ansiedade-traço, depressão, eventos estressores e características sociodemográficas e comparadas quanto à presença ou não do transtorno. MÉTODOS: Estudo transversal com mulheres encarceradas em que foram utilizados para a avaliação de TEPT os critérios determinados pelo DSM-IV, o Inventário Christo para descrição de uso de drogas, o Inventário de Ansiedade Traço-Estado e o Inventário Beck para avaliação de sintomas de ansiedade e depressão, respectivamente. RESULTADOS: Das 134 mulheres avaliadas, 40,3% apresentaram TEPT. Houve maior uso diário de cocaína entre as positivas para o transtorno (p < 0,01. O uso diário de drogas ilícitas na prisão foi descrito por 53% das entrevistadas. Todas as participantes TEPT-positivas apresentavam algum grau de depressão em comparação às TEPT-negativas (p < 0,05. CONCLUSÃO: A alta prevalência de TEPT encontrada é comparável à de populações de risco. Apesar de estarem em regime prisional, é alto o uso de drogas ilícitas. O maior uso de cocaína entre as detentas que apresentaram TEPT indica preferência por drogas estimulantes em mulheres com o transtorno.

  8. Composição de ácidos graxos do leite materno em mulheres residentes em área distante da costa litorânea brasileira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata Y. Nishimura

    2013-06-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Avaliar a composição de ácidos graxos do leite humano maduro de mulheres residentes em área distante da costa litorânea brasileira. MÉTODOS: Amostras de leite materno maduro foram obtidas de 47 mulheres lactantes com idade entre 18 e 35 anos, que tiveram partos a termo e em aleitamento exclusivo ou predominante. A coleta de leite se deu a partir da 5ª semana pós-parto, por meio de ordenha manual. A composição de ácidos graxos do leite foi determinada por cromatografia gasosa. RESULTADOS: Verificou-se que a concentração de eicosapentaenoico (0,08% foi superior ao observado em estudos brasileiros prévios. Entretanto, o teor de docosahexaenoico (0,09% encontrado no leite humano foi um dos menores já verificados no mundo. O teor de ácidos graxos trans (2,05% foi similar ao relatado em estudos nacionais prévios à obrigatoriedade de declaração do teor deste em rótulos de alimentos, sugerindo que esta medida não surtiu efeito na redução de seu teor na dieta habitual das mulheres. CONCLUSÕES: Baixo teor de docosahexaenoico e elevada concentração de ácidos graxos trans foram verificados no leite materno maduro de mulheres residentes em área distante da costa litorânea brasileira.

  9. Planejamento familiar de mulheres com transtorno mental: o que profissionais do CAPS têm a dizer

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Escolástica Rejane Ferreira Moura

    2012-08-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi verificar demandas de planejamento familiar que chegam ao Centro de Atendimento Psicossocial (CAPS e investigar contribuições desse serviço para as mulheres portadoras de transtorno mental. Trata-se de estudo qualitativo, realizado com oito profissionais de um CAPS de Fortaleza-CE. A coleta de dados ocorreu por meio de entrevista, sendo utilizada para análise a técnica de conteúdo. As demandas detectadas foram: solicitação de informações pelos familiares para lidar com paciente sexualmente ativo; pacientes suscetíveis à violência sexual e gravidez; mulheres com depressão, em uso de carbonato de lítio. As contribuições: necessidade de rede integrada (atenção básica/CAPS, com profissionais conhecedores das particularidades do planejamento familiar dessas mulheres - parte defende atendimento na atenção básica, parte, atendimento no CAPS, destacando-se o matriciamento como estratégia a corresponsabilizar os dois polos, evitando encaminhamentos desnecessários aos CAPS, pelo fortalecimento da resolubilidade dos casos na atenção básica.

  10. Características da oferta de contracepção de emergência na rede básica de saúde do Recife, Nordeste do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Benita Alves da Silva Spinelli

    2014-03-01

    Full Text Available O objetivo do estudo foi descrever as características da utilização da contracepção de emergência (CE em unidades de saúde da família (USF da cidade do Recife entre março e setembro de 2011. O questionário foi respondido por 234 profissionais, 154 enfermeiros e 80 médicos selecionados por amostragem aleatória em 117 USF. Quase todos os profissionais (90,6% informaram disponibilidade da CE na USF; médico e/ou enfermeiro foram os principais dispensadores (73,9% e 27,4% conheciam a estratégia de distribuição através do “kit saúde da mulher”. Apesar de 85,0% dos profissionais já terem prescrito a CE, apenas 8,5% a consideram como direito da mulher. A maioria (80,7% conhecia o manual de Planejamento Familiar do Ministério da Saúde e cerca de metade (51,2% conhecia o manual de Direitos Reprodutivos do município. Entre os entrevistados, 51,3% conheciam o correto mecanismo de ação e 77,4% costumam informar às mulheres sobre CE. Os principais motivos para não informar foram: “falta de oportunidade” (10,0% para os médicos e “para evitar que se tornem rotina” (6,5% para os enfermeiros. Metade dos profissionais (50,0% informaram prescrever nas três situações preconizadas (relação desprotegida, estupro e falha do método contraceptivo em uso e 65,8% concordam que a religião interfere na decisão da prescrição/orientação. Os profissionais de saúde demonstraram ter conhecimento técnico suficiente para prescrever a CE, porém não a reconhecem como um direito das mulheres. Além disso, consideram que a influência religiosa pode interferir na decisão da prescrição e no uso da CE pelas mulheres.

  11. A Gênese da Culpa: uma mulher em análise manifesta sentimentos a partir do trauma de uma cena em sua infância

    OpenAIRE

    Maria Aparecida da Silveira Brígido; Faculdades EST, São Leopoldo, RS

    2014-01-01

    A análise de uma mulher, que buscou atendimento por não conseguir mais suportar seu sofrimento, trouxe a tona uma recordação de sua infância. A partir de uma situação referida foram sendo enlaçados e significados os fatos atuais de sua vida, que eram os geradores de dores psicológicas intensas. A partir de uma cena vivida na infância e que a marcou de forma intensa a vida da mulher, é possível pensar o tema da c...

  12. Violências contra mulheres por parceiro íntimo em área urbana economicamente vulnerável, Brasília, DF Violencias contra mujeres por pareja íntima en área urbana económicamente vulnerable, Brasilia, Brasil Intimate partner violence against women in an economically vulnerable urban area, Central-West Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leides Barroso Azevedo Moura

    2009-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estimar a prevalência de tipos de violência e de comportamentos de controle praticados por parceiros íntimos contra mulheres residentes em área economicamente vulnerável. MÉTODOS: Conduziu-se estudo transversal com 278 mulheres de 15 a 49 anos que tiveram parceiros íntimos alguma vez na vida, residentes em uma área metropolitana de Brasília, DF, em 2007. Utilizou-se processo de amostragem aleatória sistemática. O instrumento de pesquisa constou de um questionário com 58 perguntas desenvolvido pela Organização Mundial de Saúde. Foram analisadas as prevalências de violência física, psicológica e sexual. As variáveis independentes consideradas foram características sociodemográficas da mulher, de contexto familiar e comunitário bem como as sociodemográficas do parceiro, de comportamento (freqüência do uso de bebidas ou drogas ilícitas e relacionamento extraconjugal. RESULTADOS: A prevalência de violência psicológica foi a mais alta: 80,2% (n=223 das mulheres entrevistadas relataram pelo menos um ato no decorrer da vida e 50% (n=139 nos últimos 12 meses. A prevalência de violência física ao longo da vida foi (58,6% e nos últimos 12 meses (32%, enquanto a prevalência de mulheres que sofreram violência sexual foi de 28,8% e 15,5%, respectivamente. CONCLUSÕES: As altas prevalências das violências mostram a magnitude da vulnerabilidade e das agressões praticadas contra mulheres nas relações com parceiros íntimos.OBJETIVO: Estimar la prevalencia de tipos de violencia y de comportamientos de control practicados por parejas íntimas contra mujeres residentes en área económicamente vulnerable. MÉTODOS: Se condujo estudio transversal con 278 mujeres de 15 a 49 años que tuvieron parejas íntimas alguna vez en la vida, residentes en un área metropolitana de Brasilia, capital de Brasil, en 2007. Se utilizó proceso de muestreo aleatorio sistemático. El instrumento de pesquisa constó de un cuestionario

  13. Mulher climatérica: uma proposta de cuidado clínico de enfermagem baseada em ideias freireanas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudia Rejane Pinheiro Maciel Vidal

    2012-08-01

    Full Text Available O estudo objetiva dialogar entre os conceitos cuidar e educar e propor uma estratégia de educação em saúde como possibilidade de cuidado clínico de Enfermagem para mulheres no climatério baseada nos princípios educativos de Paulo Freire. Ao longo dos anos, diferentes paradigmas de Educação em Saúde são condicionados por diferentes estratégias, muitas delas reducionistas, o que requer questionamentos e implementação de ações mais integrantes e participativas. A partir deste pensamento, buscamos uma possibilidade de educação que contemple o Outro em sua complexidade, possibilitando que a mulher em sua fase climatérica possa também ser assistida de forma integral. Neste cenário, visualizamos os princípios de Paulo Freire como marco norteador para este desenvolvimento, por ele mostrar uma educação dialogada, solidária, sem arrogância, articulando o saber científico com o conhecimento popular, traduzindo seu método em um trabalho coletivo.

  14. Representação do Passado e História Pública: a História das Mulheres na Internet

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gabriela Correa

    2016-12-01

    Full Text Available Este artigo tem por objetivo abordar as relações entre internet, representação do passado e história pública. Para tanto, se valerá da análise do website e página do Facebook “As Mina na História”, criada em junho de 2015. Neste exame, explorará questões tais como o tipo de representação do passado oferecido neste espaço virtual, o perfil da sua audiência e a linguagem utilizada. A fim de avançar em tais problemáticas, são tecidos alguns breves comentários sobre o ensino de história das mulheres no Brasil. Por fim, busca-se, a partir desta abordagem, propor algumas reflexões sobre a história pública que tem sido praticada no país, para além da questão da ampliação do público “consumidor” de história.   Palavras-chave: Representação; História Pública; Internet; Mulheres.

  15. Mulheres com síndrome dos ovários policísticos apresentam maior frequência de síndrome metabólica independentemente do índice de massa corpóreo

    OpenAIRE

    Melo,Anderson Sanches; Macedo,Carolina Sales Vieira; Romano,Lucas Gabriel Maltoni; Ferriani,Rui Alberto; Navarro,Paula Andrea de Albuquerque Salles

    2012-01-01

    OBJETIVO: Avaliar a prevalência de síndrome metabólica e dos seus critérios definidores em mulheres com síndrome dos ovários policísticos do Sudeste brasileiro, estratificadas de acordo com o índice de massa corpóreo e comparadas com controles ovulatórias. MÉTODOS: Estudo transversal, realizado com 332 mulheres em idade reprodutiva, que foram divididas em dois grupo: Controle, constituído por 186 mulheres com ciclos menstruais regulares, sintomas ovulatórios e sem diagnóstico de síndrome dos ...

  16. Caracterización por QEMSCAN y FE-SEM de yacimientos de oro tratados artesanalmente con mercurio en Antioquia, Colombia

    OpenAIRE

    Rojas-Reyes, Néstor Ricardo; Echeverry-Vargas, Luver; Cataño-Martínez, Jesús

    2017-01-01

    RESUMEN En este trabajo se presenta la caracterización mineralógica de tres yacimientos auríferos ubicados en el nordeste del departamento de Antioquia, Colombia, que actualmente son beneficiados con mercurio. A tres yacimientos de oro se le realizaron cinco pruebas: determinación de especies minerales y análisis de imágenes en falso color por QEMSCAN(r); identificación y cuantificación de oro por FE-SEM; análisis al fuego y pruebas de cianuración. Los resultados por QEMSCAN mostraron que los...

  17. Resposta da cinética de consumo de oxigênio e da eficiência mecânica delta de homens e mulheres em diferentes intensidades de esforço

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lucenildo S Cerqueira

    2011-08-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO:A eficiência mecânica delta (EMΔ e a cinética do consumo de oxigênio (K2 são influenciadas por parâmetros metabólicos musculares e pelo transporte de 2. O objetivo do presente estudo foi determinar a diferença na K2 e na EMΔ em três intensidades de esforço nos dois gêneros. MÉTODOS: 56 sujeitos (26 mulheres foram submetidos ao protocolo de esforço escalonado, contínuo e máximo (GxT no cicloergômetro mecânico para determinação da potência aeróbia máxima (2máx, carga máxima (Wmax, limiar anaeróbio (AT e ponto de compensação respiratória (PCR. O AT foi determinado através dos métodos V-slope e E E / 2; o PCR através da relação 2 versus E ; ambos por dois avaliadores. A EMΔ e a K 2 foram consideradas como a inclinação entre 2 versus Watts e 2 versus tempo (s, respectivamente, do começo do teste até o AT (S1, do AT ao PCR (S2 e do PCR ao 2máx (S3, determinada por análise de regressão linear. RESULTADOS: Para a EMΔ, diferenças significativas foram observadas entre S1 versus S2 (p = 0,001, S1 versus S3 (p = 0,001 e S2 versus S3 (p = 0,006. Não foi observada diferença (p = 0,060 ou interação significativa (p = 0,062 entre homens versus mulheres. Para a K 2 diferenças significativas foram observadas entre S1 versus S3 (p = 0,001 e S2 versus S3 (p = 0,001 em ambos gêneros. Diferenças (p = 0,001 e interação significativa (p = 0,006 foram observadas entre homens versus mulheres, no último parâmetro. CONCLUSÕES: A EMΔ decresce com o incremento da intensidade de trabalho, porém, não há diferenças quando se compara homens e mulheres. Por outro lado, as mulheres apresentam K 2 mais rápida do que os homens.

  18. Mulheres em idade fértil: causas de internação em Unidade de Terapia Intensiva e resultados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cátia Millene Dell Agnolo

    2014-08-01

    Full Text Available Introdução: Pacientes obstétricas representam uma fração significativa das admissões em unidades de cuidado intensivo e consistem em um desafio para a equipe. Objetivo: Analisar as principais causas de internação e morte materna de mulheres em idade fértil ocorridas em unidades de terapia intensiva de hospitais de um município do Noroeste do Paraná, Sul do Brasil. Métodos: Estudo exploratório, descritivo, retrospectivo, realizado com mulheres em idade fértil (10 a 49 anos internadas em três unidades de terapia intensiva existentes em um município do Noroeste do Paraná, por causas obstétricas e não obstétricas, no período de janeiro de 2005 a dezembro de 2009. Resultados: Foram encontradas 775 internações de mulheres em idade fértil, com uma média de idade de 33,7±10,3 anos, com duração média de internação de 5,0±8,4 dias. A maior parte das mulheres era do município estudado (67,2%, com baixa escolaridade (nível primário, 68,2%. Entre as causas obstétricas de internação, a pré-eclâmpsia grave e a eclâmpsia se constituíram na principal causa (71,3%; a pielonefrite se destacou sob outras condições no período gestacional (53%. Não foi encontrada associação estatística entre internações por causas obstétricas em unidade de terapia intensiva e óbito. Conclusão: As causas não obstétricas representaram a maioria das internações de mulheres em idade fértil nas unidades de terapia intensiva do município, no período estudado e, entre as causas obstétricas, a pré-eclâmpsia grave e eclampsia constituíram a principal causa.

  19. Estresse em mulheres com Diabetes mellitus tipo 2

    OpenAIRE

    Lessmann, Juliana Cristina; Silva, Denise Maria Guerreiro Vieira da; Nassar, Silvia Modesto

    2011-01-01

    OBJETIVO: O objetivo do estudo foi investigar a relação entre estresse e Diabetes Mellitus Tipo 2 em mulheres. MÉTODO: Estudo transversal prospectivo, desenvolvido com 147 mulheres, utilizando a Escala de Estresse Percebido (PSS). RESULTADOS: Houve associação entre as variáveis testadas, sendo possível inferir que as mulheres com estresse elevado são as que vivenciaram sofrimento e apresentam controle glicêmico alterado, ou seja, com valores superiores a 180 mg/dL. A maioria relatou sofriment...

  20. Lesões induzidas por papilomavírus humano em parceiros de mulheres com neoplasia intra-epitelial do trato genital inferior Papillomavírus-induced lesion in partners of womem with intraepithelial neoplasia of the lower genital tract

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Júlio César Teixeira

    1999-01-01

    Full Text Available RESUMO Objetivos: pesquisar a presença de lesões induzidas por papilomavírus (HPV e os fatores associados em parceiros de mulheres com neoplasia intra-epitelial genital. Métodos: foram avaliados 337 homens por meio de citologia uretral, peniscopia e biópsia, quando necessário. Analisou-se a presença de lesão induzida por HPV correlacionando-a com a idade, escolaridade, tabagismo, estabilidade conjugal, início da atividade sexual, número de parceiras, antecedente de doença sexualmente transmissível (DST, postectomia, imagens peniscópicas e grau das lesões nas mulheres. Resultados: a peniscopia foi positiva em 144 homens (42,7% e 105 (31,2% apresentaram lesões induzidas por HPV. Somente o tabagismo, a estabilidade conjugal menor ou igual a seis meses e o antecedente de mais de uma parceira sexual estiveram associados com a presença de lesão induzida por HPV (pPurpose: to evaluate risk factors and papillomavirus (HPV associated lesions in male partners of women with genital intraepithelial neoplasia. Patients and Methods: three hundred and thirty-seven men were evaluated by urethral cytology, peniscopy, and biopsy, if necessary. We analyzed the results and the relations to age, educational level, smoking, contact time with the present partner, age at first intercourse, number of partners, previous sexually transmitted diseases (STD, circumcision, peniscopic findings, and female lesion grade. Results: peniscopy was positive in 144 (42,7% and HPV infection was diagnosed in 105 (31,2%. Smoking, contact time with the present partner up to 6 months, and more than one previous sexual partner were associated with HPV lesions (p<0,05. The urethral cytology was suspect in 4,2% and smoking, positive peniscopy or biopsy and partners of women with high-grade lesion (p<0,05 were associated with the diagnosis. 72.1% of 229 biopsies were positive, independently of the peniscopic findings and women's lesion grade. Conclusions: HPV infection was

  1. Equipes gerenciadas por mulheres: representações sociais sobre gerenciamento feminino Women managers' teams: social representations about feminine management

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tânia Maria Fontenele Mourão

    2008-01-01

    Full Text Available Este estudo teve como objetivo apreender a maneira como as equipes que têm uma mulher como gerente estão construindo representações sociais sobre este gerenciar. Participaram 74 mulheres e 72 homens de equipes que trabalham com sete mulheres que atingiram o topo de carreira, ocupando cargos administrativos nos níveis DAS 5 e DAS 6 da Administração Pública Federal. Utilizou-se a associação livre de palavras, sendo as respostas analisadas pelo software EVOC. Os resultados indicam que os participantes identificam algumas características que as equipes atribuem ao gerenciamento feminino. Apontam para uma forma de gestão voltada para as relações pessoais, respeito pela pessoa, preocupação com a qualidade do trabalho. Um gerenciamento cujo estilo interativo se caracterizaria pela capacidade de promover a inclusão, característico das formas de redes planas de gestão.The aim of this study was to apprehend the way teams that have a woman as amanager are building the social representation about this management. The participants were 74 women and 72 men whose teams work with seven women who have reached the top of their careers in administrative positions of DAS 5 and DAS 6 levels of the Public Federal Administration. A free association test was applied and analyzed through the EVOC software. The results showed that the participants identified some characteristics on women management that were considered a feminine form of leadership: interpersonal relationship, respect for individuality, concern with the quality of work. This kind of management carries an interactive style that is characterized by the capacity to promote inclusion, which is a characteristic of flat management nets.

  2. Mulheres Rurais: Tecendo Novas Relações e Reconhecendo Direitos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Celecina de Maria Veras Sales

    2007-05-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.1590/S0104-026X2007000200010 A presença das mulheres rurais na produção agrícola familiar é um fato. Mesmo na invisibilidade, não se pode negar que elas estão ocupando terras, plantando, colhendo, e cultivando o desejo de ter uma terra livre e usufruí-la com seu trabalho. Presentes na casa, no quintal, na roça e na luta pela terra, as mulheres tiveram ainda de lutar pelo direito de serem reconhecidas como trabalhadoras. A emergência das mulheres rurais nos movimentos sociais proporcionou seu aparecimento como sujeito político, rompendo sua invisibilidade como trabalhadora. Nesse aprendizado e experimentação as mulheres rurais criaram seu próprio movimento, consolidado na década de 1980. Desde então realizam encontros nacionais, marchas e campanhas, criaram coletivos de mulheres e conquistaram direitos. Os Coletivos de Mulheres estão vinculados à Federação de Trabalhadores da Agricultura do Ceará (FETRAECE ou ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST e constituem espaços importantes de ressignificação das atividades produtivas das mulheres.

  3. Dificuldades para obter informações da população de mulheres sobre aborto ilegal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Osis Maria José D.

    1996-01-01

    Full Text Available Qualquer tentativa de se investigar a prática de abortos ilegais deve lidar com o problema de estar perguntando às mulheres acerca de um tema delicado, sensível, com implicações múltiplas, o que leva a dificuldades para se obter informações verazes. O estudo realizado enfoca principalmente aspectos metodológicos de uma pesquisa realizada junto a uma população de mulheres de 15 a 49 anos de idade, com o objetivo de verificar a freqüência e as condições em que era feito o aborto provocado em uma região do Estado de São Paulo (Brasil. Foram entrevistadas, em seus domicílios, 1.955 mulheres. Utilizou-se um questionário estruturado e pré-testado. A maioria das entrevistadas declarou nunca ter abortado nem pensado em fazê-lo, enquanto 4% referiram alguma vez ter feito aborto; 16,7% disseram que, pelo menos uma vez, tomaram chá/remédio para menstruar. Entre as que acreditaram estar grávidas na ocasião, a maioria informou nunca ter abortado, apesar de terem menstruado quando ingeriram chá/remédio. Os resultados permitiram concluir que as mulheres tendem a omitir a informação sobre a prática de aborto quando perguntadas diretamente sobre isso. Especialmente aquelas que o induzem por ingestão de substâncias parecem não reconhecer esse ato como sendo uma forma de interromper a gestação.

  4. MEMÓRIAS NARRATIVAS DO PROJETO MULHERES DE FORTALEZA: IGUALDADE DE GÊNERO E INCLUSÃO SOCIAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Júlio César Ferreira Lima

    2017-03-01

    Full Text Available No Brasil, a abordagem por gênero revela entraves para inclusão feminina. Mesmo sendo a participação feminina maior que a masculina na aquisição de educação formal, mulheres são discriminadas em relação à inserção no mercado de trabalho. O Projeto Mulheres de Fortaleza (PMF, desenvolvido desde 2007 com mulheres em situação de vulnerabilidade, visa o aumento no nível de escolaridade, diminuição da exclusão econômica e conscientização dos direitos de cidadão. O objetivo geral do trabalho foi compreender a percepção das participantes das duas primeiras turmas acerca do PMF. Em específico foi preciso identificar interpretações sobre inserção e participação nas atividades e detectar ações para melhor aplicabilidade. O trabalho se caracterizou como um estudo de caso exploratório com abordagem qualitativa, a partir da interpretação de depoimentos orais de 26 mulheres. Foi aplicado o método indutivo para se chegar a uma conclusão ampla sobre a eficácia do Projeto. Concluiu-se que entre os pontos positivos estavam discussões sobre cidadania para uma melhor consciência de direitos e deveres, e a aprovação das atividades. Contudo, os resultados também apontaram pontos críticos de melhoria, sugeridos com bastante propriedade pelas participantes.

  5. Mulheres com gravidez de maior risco: vivências e percepções de necessidades e cuidado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela do Carmo Oliveira

    2015-03-01

    Full Text Available Objetivo: Compreender vivências e percepções de mulheres com gestação de maior risco, relativas aos problemas/necessidades de saúde e práticas de cuidado. Métodos: Estudo descritivo-qualitativo, realizado em Cuiabá, Mato Grosso, com 12 mulheres em acompanhamento pré-natal em um serviço público especializado, por meio de entrevista semiestruturada e análise de conteúdo temática. Resultados: As participantes expressam a vivência de importantes eventos não médicos, que influem em sua saúde, como desinformação, medos, preocupações, desorganização da vida cotidiana e familiar, carências financeiras, e outras. Contudo, para o pré-natal, avalizam cuidados orientados pela perspectiva de risco, de controle dos problemas médicos. Reportam-se à necessidade de cuidados amplos, mas, para isso, buscam suporte na família e rede social comunitária de apoio. Conclusão: A compreensão das vivências e dos pontos de vista das mulheres grávidas é imprescindível à construção de ações pré-natais que respondam a necessidades de cuidados abrangentes.

  6. Enfrentamento da violência doméstica por um grupo de mulheres após a denúncia A group of women coping with domestic violence after the denouncements

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eriza de Oliveira Parente

    2009-08-01

    Full Text Available Este estudo analisa as formas de enfrentamento encontradas por mulheres vítimas da violência doméstica, no decorrer e após a denúncia, em Fortaleza, Ceará, Brasil. Com abordagem qualitativa e caracterizando-se como pesquisa participante, nove mulheres, que se denominaram vítimas de violência doméstica e romperam com o silêncio fazendo a denúncia, participaram do estudo, de agosto a outubro de 2007, no Centro Estadual de Referência e Apoio à Mulher (CERAM. Grupo focal, anotações no diário de campo e observações foram as técnicas de coleta de dados, e estes foram submetidos à análise categorial e discutidos com suporte no Modelo de Crenças em Saúde. O medo, a falta de apoio, a dependência financeira, a vergonha, a maternidade e a cultura emergiram do estudo como percepção da suscetibilidade e das barreiras identificadas; o risco de morte foi percebido como severidade; o apoio da família e de amigos, a lei, os setores de proteção e Deus foram os benefícios relatados, configurando-se como formas de enfrentamento. Para elas, a violência ultrapassou os limites da natureza física, pois envolveu sofrimento psicológico, emocional, econômico e social. Desse modo, essas mulheres romperam o silêncio presente nas relações violentas e procuraram estratégias para minimizar o sofrimento.This paper provides an analysis of confrontation ways that female victims of domestic violence found during and after denunciation in Fortaleza, Ceará, Brazil. Nine women self-denominated victims of violence who broke silence and denunciated their aggressors participated in this qualitative and participative research from August to October 2007, in the State Center of Reference for Women Support (CERAM. The data collectors used the focal group, the reports in the field diary and observation, and the data were submitted to categorical analysis, and discussed based on Health Belief Model. Fear, lack of support, financial dependence, shame

  7. Autopercepcao da saude bucal entre adultos na regiao Nordeste do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edivania Barbosa do Vale

    2013-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar a autopercepção da saúde bucal por adultos e variáveis associadas. MÉTODOS: Estudo realizado com os dados da Pesquisa Nacional de Saúde Bucal SBBrasil 2010 relativos a 2.456 adultos de 35 a 44 anos da região Nordeste. A variável dependente foi a autopercepção da saúde bucal. As variáveis independentes foram agrupadas em: demográficas, predisposição/facilitação, condição de saúde bucal e relacionadas à autopercepção da necessidade de tratamento. O teste de Rao e Scott foi utilizado para avaliar a associação entre essas variáveis. O efeito das variáveis independentes sobre o desfecho foi avaliado pelo modelo de regressão logística multinominal segundo modelo hierarquizado, em duas etapas: análise simples e análise múltipla hierarquizada. RESULTADOS: A autopercepção positiva da saúde bucal foi observada em 37% dos participantes. No modelo final, as características diretamente associadas a essa autopercepção foram: ser branco, ter renda familiar superior a R$ 500,00, possuir número de bens acima da mediana, ter maior número de dentes hígidos, não apresentar sangramento, não necessitar de prótese, Oral Impacts on Daily Performances = 0, não necessitar de tratamento e ter ido ao dentista há menos de três anos. CONCLUSÕES: Os resultados mostram que a autopercepção da saúde bucal dos adultos residentes no Nordeste brasileiro está diretamente associada a uma estrutura multidimensional de fatores. As baixas condições econômicas associadas às condições clínicas deficientes dessa população causam grande impacto na sua autopercepção da saúde bucal.

  8. Diagnóstico de saúde das mulheres em idade fértil de Sergipe

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alzira Maria D'avila Nery Guimarães

    1996-03-01

    Full Text Available Relato parcial de uma pesquisa realizada pela Secretária de Estado da Saúde em parceria com o UNICEF, intitulado de Diagnóstico Matemo-lnfantil cio Estado de Sergipe. Nesta pesquisa as autoras realizam uma abordagem parcial sobre a saúde das mulheres em idade fértil. Objetivo: Medir por amostragem a nível estadual os indicadores: estado civil, idade da menarca, início da vida sexual, gravidez, abortos, prevenção do câncer cérvico-uterino e mama, anticoncepção e utilização dos serviços de saúde. Os resultados foram coletados através da aplicação de um formulário estruturado, abrangendo variáveis préconcepcionais, biológicas e sociais. Os dados obtidos fornecem subsídios para ampla discussão sobre a saúde das mulheres em Sergipe.

  9. Empoderamento das mulheres beneficiárias do Programa Bolsa Família na percepção dos agentes dos Centros de Referência de Assistência Social

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nathalia Carvalho Moreira

    2012-04-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo analisar o empoderamento das mulheres beneficiárias do Programa de Transferência de Renda, conhecido como "Programa Bolsa Família", na percepção dos agentes sociais dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras. Para tanto, realizou-se um estudo de caso múltiplo, tendo como sujeitos de pesquisa 11 gestores de diferentes Cras do estado de Minas Gerais. A partir da técnica de análise de conteúdo, as respostas das perguntas, que compuseram as entrevistas, foram agrupadas de acordo com as categorias Bolsa Família, Cras e Mulher. Os resultados apontam a importância do Cras na execução do Programa Bolsa Família e no processo de empoderamento, pois a convivência e a participação neste local têm contribuído para a conscientização sobre direitos, para a inserção social e para a melhoria do bem-estar das mulheres, fatores evidenciados por intermédio do interesse das mulheres por cursos, oficinas, informações sobre programas sociais e atendimento psicológico. Na percepção dos agentes, foi possível observar melhoria nas condições de vida, nas relações familiares, conscientização e autoestima, implicando reflexos sobre o empoderamento feminino. Portanto, embora sendo um processo lento e embrionário, pode-se dizer que o ciclo do empoderamento das mulheres beneficiárias do Bolsa Família pode ser completado, pois consegue atingir as três dimensões (individual, familiar e comunitária.

  10. O corpo e a saúde da mulher El cuerpo y la salud de la mujer Woman's health and the body

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dulce Maria Rosa Gualda

    2009-12-01

    Full Text Available O artigo teve como objetivo realizar uma reflexão teórica sobre corpo durante eventos no curso da vida da mulher na perspectiva teórica fenomenológica e os métodos de pesquisa usados na sua abordagem, conduzidas por docentes da área da Saúde da Mulher da Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo. Esta temática foi escolhida em decorrência da centralidade adquirida pelo corpo na sociedade atual e a relevância do tema. Neste texto mostramos sua aplicabilidade na área da Saúde da Mulher, os resultados de algumas pesquisas com diferentes métodos, tendo como foco o corpo em eventos do curso da vida da mulher.El estudio tuvo como objetivo hacer una reflexión teórica sobre la temática del cuerpo durante los eventos del curso de la vida de la mujer en la perspectiva fenomenológica y los métodos de investigación utilizados en su enfoque, dirigidos por profesores del area de Salud de la Mujer en la Escuela de Enfermería de la Universidad de São Paulo. Este tema fue elegido debido a la centralización adquirida por el cuerpo en la sociedad contemporánea y la importancia del tema. En este trabajo se presenta su aplicabilidad en el ámbito de la salud de la mujer, los resultados de algunos estudios sobre los diferentes métodos, centrados en el cuerpo acerca de los acontecimientos del curso de la vida de la mujer.The study aimed to develop a theoretical reflection on the thematic "body" during woman´s life course events in the phenomenological perspective and the research methods used in their approach, led by faculty of Women´s Health area at the School of Nursing, University of São Paulo. This theme was chosen due to the centrality acquired by the body in contemporary society and the relevance of the topic. In this paper we show its applicability in the field of Women's Health, the results of some studies using different methods, focusing on the body on woman´s life course events.

  11. As mulheres como pilar da construção dos programas sociais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Yumi Garcia dos Santos

    Full Text Available Este artigo analisa o modo como as políticas públicas voltadas para a saúde e a assistência social no Brasil se consolidam a partir da centralidade da atuação das mulheres pobres. Por meio de uma pesquisa qualitativa e de análise das trajetórias das usuárias e das agentes de ponta dos ditos "novos" programas sociais brasileiros, pretende-se mostrar que o sucesso que tais programas têm conquistado depende, em grande medida, da atuação dessas mulheres mediadoras dentro da lógica conservadora da divisão sexual do trabalho e da disposição feminina para o cuidado. Em particular, as agentes, em contraponto às usuárias, têm acesso à mobilidade social que as tira do confinamento na esfera privada pela sua presença no mercado de trabalho. No entanto, o maior ganho dessa mobilização feminina a baixo custo e de alta produtividade é direcionado às instituições gestoras dos "novos" programas sociais em questão, desde as organizações filantrópicas até os governos.

  12. Estresse em mulheres com Diabetes mellitus tipo 2

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Cristina Lessmann

    2011-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: O objetivo do estudo foi investigar a relação entre estresse e Diabetes Mellitus Tipo 2 em mulheres. MÉTODO: Estudo transversal prospectivo, desenvolvido com 147 mulheres, utilizando a Escala de Estresse Percebido (PSS. RESULTADOS: Houve associação entre as variáveis testadas, sendo possível inferir que as mulheres com estresse elevado são as que vivenciaram sofrimento e apresentam controle glicêmico alterado, ou seja, com valores superiores a 180 mg/dL. A maioria relatou sofrimento decorrente de problemas nas relações interpessoais, óbito, doença de familiares e solidão. CONCLUSÃO: Mulheres com DM2 que convivem com estresse e/ou sofrimento constituem grupo vulnerável ao desenvolvimento de agravos à saúde demandando aos serviços de saúde o desenvolvimento de estratégias que modifiquem esta situação.

  13. Mulheres que sofrem violência doméstica: contribuições da psicanálise

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gabriela Quadros de Lima

    2011-12-01

    Full Text Available Este estudo busca compreender a influência da história de vida na escolha conjugal de mulheres que sofrem violência doméstica e os fatores que levam à admissão e/ou tolerância da repetição de um comportamento inadmissível. Participaram 12 mulheres, maiores de 18 anos de diferentes raças e níveis socioeconômicos e de escolaridade que sofreram violência doméstica perpetrada pelo parceiro íntimo, localizadas em dois Centros de Referência às Vítimas de Violência de Porto Alegre. As participantes preencheram uma Ficha de dados pessoais e sociodemográficos e responderam a uma entrevista semiestruturada. As entrevistas foram analisadas e categorizadas através da técnica de análise de conteúdo, e para a interpretação dos dados lançou-se mão da teoria psicanalítica. Os aspectos abordados permitem compreender a violência doméstica como resultante de uma história de vida marcada por vivências traumáticas que move estas mulheres, através da compulsão à repetição, à realização de escolhas conjugais que propiciam um cenário violento.

  14. A MULHER NO TRABALHO: A SITUAÇÃO DE FUNCIONÁRIAS DA HOTELARIA DE JOÃO PESSOA-PB

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Débora de Souza Costa

    2011-10-01

    Full Text Available As questões referentes à mulher no mercado de trabalho têm sido cada vez mais objeto de estudo, sendo que os enfoques podem ser relacionados à ocupação das mulheres por setores econômicos; aos problemas relacionados à situação da mulher no mercado de trabalho; à qualidade de vida no trabalho; as políticas e práticas de gestão de pessoas; entre outros. Dentro desse panorama, torna-se importante identificar o papel da mulher dentro das empresas hoteleiras. Assim, o objetivo desse estudo é analisar a situação de funcionárias da hotelaria de João Pessoa – PB. A pesquisa foi desenvolvida em duas etapas: na primeira foi realizada uma pesquisa descritiva exploratória onde foi aplicado um questionário com os gerentes dos hotéis e, na segunda, foi aplicado um questionário as funcionárias. O estudo evidenciou que existe uma percepção positiva sobre a maioria das vivências no cotidiano de tais empresas no que concerne aos aspectos que foram abordados. Registra-se ainda que as funcionárias possuem uma imagem positiva da empresa tendo em vista que 94% das funcionárias consideram a empresa como um bom local de trabalho e, em sintonia com isto 80% assinalou que indicaria um amigo para trabalhar na empresa.

  15. A dinâmica dos homicídios no Nordeste e em Pernambuco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Maria Nóbrega Júnior

    2010-10-01

    Full Text Available O objetivo deste artigo é analisar a dinâmica das mortes por homicídio no Nordeste, região mais violenta do país em termos desse tipo de crime. Indicadores de homicídios foram analisados para todos os estados nordestinos, com ênfase em Pernambuco. A análise dos números demonstra um crescimento das mortes violentas e intencionais na região pelo menos desde o início da década de 1990, com maior impacto nos últimos 10 anos, chegando a ultrapassar os números do Sudeste em 2006. Buscou-se tabular esses números por grupos como faixa etária, nível de escolaridade e por regiões de Pernambuco, revelando-se as diferentes dimensões dessa dinâmica. The aim of the article The dynamics of homicides in the Northeast and Pernambuco is to review the dynamics of deaths by homicide in the Northeast ofBrazil, the most violent region in the country in terms of this kind of crime. Murder rates were analysed for all the North-eastern states, with special focus on Pernambuco. The statistical analysis shows a growth in violent and intentional deaths in the region at least since the start of the 1990s, peaking in the last 10 years and surpassing the figures for the Southeast in 2006. Associations were then sought with groups like age group, level of schooling and by regions of Pernambuco, revealing the different dimensions of the dynamics.

  16. Mulheres rurais e seus usos mediados das TICs: tensionamentos e permanências nas relações de gênero

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Carolina D. Escosteguy

    Full Text Available Resumo O trabalho aqui apresentado explora o Mapa das Mediações Comunicativas da Cultura (MARTÍN-BARBERO, 2003 para a análise de práticas cotidianas de mulheres agricultoras em relação às Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs. Adotamos, também, uma perspectiva de gênero na análise. O grupo investigado é composto por famílias agricultoras, residentes em município rural do Rio Grande do Sul e com economia estruturada na produção do tabaco. No que diz respeito à utilização do mapa de Martín-Barbero, esse propiciou condições para observar que o uso das TICs é afetado por distintas dimensões, especificamente, pela institucionalidade, socialidade, tecnicidade e ritualidade. Apesar de este estudo ter identificado espaços de tensionamento, é necessário reconhecer o predomínio das permanências nas relações de gênero quando observados os hábitos, rotinas e usos das TICs das mulheres investigadas.

  17. Infection rates of pentastomids on lizards in urban habitats in the Brazilian northeast Níveis de infecção por pentastomídeos em lagartos de habitats urbanos no nordeste brasileiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    WO. Almeida

    2008-11-01

    Full Text Available The rates of pentastomid infections in the syntopic lizards Hemidactylus mabouia and Tropidurus hispidus inhabiting buildings at the Federal University of Paraiba, in João Pessoa, NE Brazil were examined. A total of 30 specimens of Hemidactylus mabouia and 55 specimens of Tropidurus hispidus were examined. The animals were sacrificed by freezing and then fixed and conserved in 70% alcohol. Analyses of the respiratory tract of Hemidactylus mabouia demonstrated that these lizards were infected by Raillietiella frenatus at a rate of 20% (6/30 with an average infection intensity of 1.33 ± 0.21, 1-2. None of the specimens of T. hispidus analyzed were infected. Hemidactylus mabouia and R. frenatus are of African origin and it is possible that there are specific relationships, or preferences, between these two species.Foram analisadas as taxas de infecção por pentastomídeos nos lagartos simpátricos Hemidactylus mabouia e Tropidurus hispidus, habitando prédios da Universidade Federal da Paraíba, em João Pessoa, Nordeste do Brasil. Para tanto, foram examinados 30 espécimes de Hemidactylus mabouia e 55 de Tropidurus hispidus. Os espécimes coletados foram eutanizados por congelamento, fixados e conservados em álcool 70%. A análise do trato respiratório dos Hemidactylus mabouia mostrou que estavam infectados por Raillietiella frenatus, com prevalência de 20% (6/30 e intensidade de infecção média de 1,33 ± 0,21, 1-2. Nenhum espécime de T. hispidus analisado estava infectado. Hemidactylus mabouia e R. frenatus possuem origem africana e é possível que haja alguma relação de especificidade ou preferência entre essas espécies.

  18. Turismo Rural: a contribuição da mulher

    OpenAIRE

    Lunardi, Raquel; de Jesus Almeida, Joaquim Anécio

    2015-01-01

    As mudanças ocorridas no meio rural brasileiro, a partir da década de setenta, proporcionaram o desenvolvimento de atividades não-agrícolas nas propriedades e, conseqüentemente, o aumento da participação da mulher nessa nova realidade. Uma das principais atividades que surgiram, no meio rural brasileiro, foi o turismo. Nesse enfoque, este trabalho tem como objetivo estudar o papel da mulher no desenvolvimento da atividade turística no meio rural. Para isso, foram observadas mulheres empreende...

  19. Amar por cartas - este inferno de amara

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Matildes Demetrio dos Santos

    1999-10-01

    Full Text Available Este trabalho tem por objetivo estudar o amor nas Folhas caídas e nas Cartas de amor à Viscondessa da Luz, de Almeida Garrett.Seus poemas cheios de erotismo e sensua lidade, inspirados numa mulher casada, Rosa Montúrar Infante, escandalizaram a sociedade portuguesado sécu lo XIX. Suas cartas de amor, em segredo, criavam uma ficção de características místicas.

  20. "Fraqueza de nascença": sentidos e significados culturais de impressões maternas na saúde infantil no Nordeste brasileiro "Birth weakness": cultural meanings of maternal impressions for infant health in Northeast Brazil

    OpenAIRE

    Paola Gondim Calvasina; Marilyn K. Nations; Maria Salete Bessa Jorge; Helena Alves de Carvalho Sampaio

    2007-01-01

    A gestação abrange dimensões sócio-culturais, históricas e afetivas, que processam no corpo das mulheres diversos sentidos e significados. Cada sociedade constrói concepções, práticas ou modelos explicativos populares, que se diferenciam do modelo biomédico e visam a proteger a mãe-feto, promovendo uma gravidez saudável. Esta pesquisa qualitativa, baseada na antropologia interpretativa, desvela as experiências vivenciadas por 27 mulheres pobres e suas repercussões na desnutrição dos filhos at...

  1. Câncer de mama: sentimentos e percepções das mulheres diante do diagnóstico / Breast cancer: feelings and perceptions of women before the diagnosis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Keli Regiane Tomeleri da Fonseca Pinto

    2018-04-01

    Full Text Available Objetivo: Conhecer os sentimentos e percepções das mulheres diante o diagnóstico de câncer de mama. Métodos: Trata-se de um estudo qualitativo, realizado no Ambulatório de Oncologia de um Hospital Universitário, junto à 11 mulheres com câncer de mama e idade entre 43 e 58 anos. A coleta de dados foi realizada por meio de entrevista semiestruturada, entre maio a julho de 2015. Os dados foram analisados e interpretados conforme a análise de conteúdo. Resultados: Após a análise emergiram quatro categorias: esperando pelo diagnóstico; sentimentos despertados após o diagnóstico; o apoio familiar; viver e orar após o diagnóstico de câncer de mama. Conclusão: O estudo mostrou que as mulheres já esperavam o diagnóstico de câncer, porém, mesmo dizendo estarem preparadas para tal diagnóstico, diante da notícia se sentiram aflitas, receberam apoio da família e também buscaram apoio religioso para enfrentar o difícil momento do diagnóstico do câncer de mama.

  2. Avaliação dos sistemas de informações sobre nascidos vivos e óbitos no Brasil na década de 2000

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Germano de Frias

    2014-10-01

    Full Text Available Resumo No Nordeste brasileiro, a morte por fogo é uma ameaça onipresente e banalizada entre mulheres empobrecidas. Este estudo antropológico descreve a experiência do sofrimento de ser queimada. Em 2009, foram investigados seis casos “ricos em informação” no Centro de Queimados, Fortaleza, Ceará, Brasil. Entrevistas etnográficas abertas com informantes-chave, narrativas de experiências vividas e observação participante na clínica e no domicílio foram realizadas. Utilizamos os métodos Análise de Conteúdo, Sistemas de Signos, Significados e Ações e Interpretação Semântica Contextualizada. Revelou-se que as metáforas emergentes são carregadas de significância cultural da “monstruosidade” e da violência de gênero pelo fogo – inscrita impiedosamente no corpo feminino. O “acidente por combustível” (álcool esconde a cruel realidade de “carne crua e torrada”. A cicatriz é capaz de desfigurá-las em “não-pessoas”, maculando sua reputação moral e gerando a rejeição social. No Nordeste brasileiro, a vulnerabilidade social provocada pela sequela da queimadura exige uma política de humanização do cuidado.

  3. Avaliação da qualidade de vida e função sexual de mulheres com e sem incontinência urinária

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kelly Faria

    2012-06-01

    Full Text Available A incontinência urinária é a queixa de perda involuntária de urina. Os objetivos do presente estudo foram mensurar e comparar a qualidade de vida e a função sexual de mulheres com e sem incontinência urinária. Foram entrevistadas setenta mulheres, com e sem incontinência urinária. Os dados foram coletados por meio dos seguintes instrumentos: WHOQOL-BREF, KHQ e FSFI. Foram realizadas análises descritivas e teste t Student pareado (p<0,05. A qualidade de vida mensurada pelo WHOQOL–BREF evidenciou que as mulheres incontinentes apresentaram média de escore menor (S=57,14 quando comparadas com as continentes (S=71,42. Na avaliação da função sexual, o grupo GI obteve média total de escore menor (S=17,17 quando comparado com o grupo GC (S=24,20. Concluiu-se que tanto na análise da qualidade de vida quanto na função sexual os menores escores foram encontrados no grupo incontinente, evidenciando assim o impacto negativo da incontinência urinária na vida dessas mulheres.

  4. Refinaria do Nordeste: petroleum coke handling system; Refinaria do Nordeste: desafios do sistema de movimentacao de coque verde de petroleo

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Medeiros, Luiz G. de; Cabral, Jose Mauro B. [PETROBRAS S.A., Ipojuca, PE (Brazil). Refinaria do Nordeste (RNEST); Lucredi, Hedewandro A. [PETROBRAS S.A., Paulinia, SP (Brazil). Refinaria de Paulinia (REPLAN); Barros, Francisco Carlos da C. [PETROBRAS S.A., Rio de Janeiro, RJ (Brazil). Centro de Pesquisas (CENPES)

    2008-07-01

    The Delayed Coking Units - DCU - are adequate to the scheme for processing heavy oils where the market of fuel oil or asphalt is low or not profitable. The DCU's are conversion units that produce, in addition to the gas and liquid distilled products, the petcoke. The petcoke, depending on the characteristics, is used in various applications like as in the aluminum, iron, thermoelectric and cement industries. The petcoke is solid and its logistics is quite different from most of the products handled by PETROBRAS; therefore, this product has been a constant challenge in relation to the market requirements. Due to the importance of the DCU at Refinaria do Nordeste, and the petcoke production capacity, the coke handling system was projected in order to ensure the refinery operational continuity. The project permits the expedition and loading of 10,000 tons of petcoke within a period of 12 hours of work for cargo vessel. In the development of the processing project of Refinaria do Nordeste efforts were made to optimize the Delayed Coking Unit for the production of distilled products and the quality of the coke. The DCU operating conditions were projected so as to produce petcoke with quality adequate to the iron and aluminum industry. (author)

  5. Olhares sobre os corpos e a construção de "homens" e "mulheres" na escola

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Moisés Sipriano Resende

    2012-05-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.5007/2175-8042.2011v23n37p69 Este estudo visa levantar algumas problematizações referentes á construção de homens e mulheres no âmbito escolar e o modo como o corpo se torna local de inserção e produção dos discursos, marcas e linguagens. Foram aplicados questionários a estudantes, professores e gestores de escolas públicas de Goiânia buscando articular as compreensões destes sobre os comportamentos de homens e mulheres. Os dados evidenciaram que os educadores propõem pouca reflexão acerca da construção histórica, social e política dos corpos o que leva a reprodução das atuais diferenças de gênero por meio da educação dos corpos e das formas de viver a sexualidade.

  6. Freqüência e padrão da violência por parceiro íntimo antes, durante e depois da gravidez

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elisabete Pereira Silva

    2011-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estimar a prevalência e analisar o padrão da violência por parceiro íntimo antes e durante a gestação e no pós-parto. MÉTODOS: Estudo de coorte realizado com 960 mulheres de 18 a 49 anos, cadastradas no Programa Saúde da Família da cidade do Recife, PE, entre 2005 e 2006. As mulheres foram entrevistadas durante a gestação e no puerpério, utilizando-se um questionário adaptado do Estudo Multipaíses sobre a Saúde da Mulher e Violência Doméstica da Organização Mundial da Saúde. Para avaliar o padrão de ocorrência da violência por parceiro íntimo, entre um determinado período e o subseqüente, o odds ratio foi calculado com intervalos de 95% de confiança (IC95%. RESULTADOS: A prevalência de violência por parceiro íntimo antes, durante e/ou depois da gestação foi estimada em 47,4% e, para cada período isolado, em 32,4%, 31,0% e 22,6%, respectivamente. As mulheres que relataram violência antes da gravidez tiveram chance 11,6 vezes maior (IC95%: 8,3;16,2 de relatar violência durante a gravidez. Quando as mulheres relataram violência durante a gravidez, a chance de relatos no pós-parto foi 8,2 vezes maior (IC95%: 5,1;11,7. A violência psicológica foi a de maior prevalência, principalmente durante a gestação (28,8%; IC95%: 26,0%;31,7%; a sexual, a menos prevalente, especialmente no pós-parto (3,7%; IC95%: 2,6%;5,0%; e a física diminuiu quase 50% durante a gestação em comparação com o período anterior. CONCLUSÕES: Parcela significativa das mulheres em idade reprodutiva vivencia situações de violência por parceiro íntimo. Os períodos de consultas de pré-natal e de puericultura são oportunidades para que o profissional de saúde possa identificar situações de violência.

  7. Vivências de mulheres cuidadoras de pessoas idosas dependentes: orientação de gênero para o cuidado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edmeia Campos Meira

    2017-05-01

    Full Text Available Resumo Objetivo: Apreender nas lembranças da mulher cuidadora o sentido e o significado das vivências de relação de cuidado na unidade familial com a pessoa idosa dependente em contexto de construção social da identidade de gênero orientado para o cuidado. Métodos: Estudo fundamentado na História Oral de Vida com seis mulheres cuidadoras de famílias com pessoas idosas dependentes, no interior da Bahia, Brasil. As lembranças, captadas por entrevista gravada e transcrita, compuseram o corpus de análise. Resultados: O papel social de identidade de gênero direciona a mulher na responsabilização de seus membros familiares dependentes de cuidado, com sentimentos e valores de obrigação humana e forte influência religiosa. Esse cuidado favorece ainda as vivências intergeracionais no espaço das relações familiares com aprendizagens significativas. Conclusão: Urge uma compreensão crítica do papel feminino do cuidado, com incentivo à educação intergeracional e de gênero que propiciem novas perspectivas para o cuidado ao idoso dependente.

  8. Políticas Públicas e o Impacto das Transferências de Recursos no Nordeste

    OpenAIRE

    Carvalho de Lima, Érica Priscilla; UFRN; Carvalho de Lima, Elaine; UFRN

    2015-01-01

    No contexto de elevado nível de heterogeneidade regional presente no Brasil, o desenvolvimento do Nordeste e seu atraso relativo às demais regiões brasileiras é um elemento de preocupação das políticas regionais. Deste modo, a ampliação das políticas de transferência de renda para o Nordeste depois de 2002, sobretudo o bolsa família e o bolsa escola, é um fator chave para se entender o maior dinamismo econômico da região. O presente trabalho tem o objetivo de avaliar a influência que as trans...

  9. Análise das capacidades físicas de mulheres com fibromialgia segundo o nível de gravidade da enfermidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Latorre Roman Pedro Ángel

    2012-10-01

    Full Text Available A fibromialgia (FM é uma síndrome crônica que se caracteriza por dor musculoesquelética generalizada, que provoca acentuada redução na capacidade física dos pacientes afetando a sua saúde e qualidade de vida. OBJETIVO: Avaliar a capacidade física dos pacientes com FM relacionada com a gravidade da enfermidade. MÉTODO: Estudo descritivo transversal sobre uma amostra de 66 mulheres com FM (idade: 51,79 ± 8,02 anos e um grupo de controle de mulheres saudáveis (idade 50,26 ± 8,75 anos. Analisou-se a amplitude física mediante bateria de provas físicas específicas com aplicação de questionários: Fibromyalgia Impact Questionnaire (FIQ e o Short-Form Healthy Survey (SF-36, na versão espanhola. RESULTADOS: As mulheres saudáveis apresentam os valores de amplitude física superiores aos das mulheres enfermas com (p < 0,05 exceto na prova de dinamometria manual. Exclusivamente na prova de agilidade se pôde discriminar os pacientes de FM segundo a gravidade da enfermidade (p = 0,021. A qualidade de vida nos pacientes com FM se encontra muito deteriorada em comparação (p = 0,021 com as mulheres saudáveis e os valores que normatizam a sociedade espanhola. CONCLUSÕES: A análise das capacidades físicas é um elemento de relevância clínica na avaliação complementar da fibromialgia.

  10. A arte de ser Beija-Flor na tripla jornada de trabalho da mulher

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriane Vieira

    2013-06-01

    Full Text Available Com presença expressiva no mercado de trabalho, as mulheres vêm ampliando continuamente sua participação nos mais diversos cargos e funções, no entanto continuam sendo as principais responsáveis pelas atividades do lar e pelo cuidado dos filhos. A situação agrava-se com a crescente demanda por qualificação, exigindo que essas trabalhadoras cumpram, muitas vezes, três jornadas de trabalho: profissional, familiar e educacional. Este estudo teve como objetivo analisar os mecanismos de dominação refletidos nas ações de mulheres que "conciliam" as atividades profissionais, o cuidado com a família e as exigências da educação continuada, utilizando como referência principal o trabalho de Pierre Bourdieu. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, cuja coleta de dados ocorreu através de entrevista, buscando obter as histórias orais temáticas de cinco mulheres. Os relatos foram submetidos à técnica de análise do conteúdo e os resultados revelam que a busca pela qualificação deriva da preocupação com a empregabilidade e que a disputa profissional está ligada não apenas ao gênero, mas também à concorrência com profissionais mais jovens. Apesar de as mulheres fazerem referência ao início de uma revisão da divisão sexual de tarefas do lar, a empregada doméstica ainda se revela fundamental nesse processo de delegação e de conciliação. Para se dedicar aos estudos, elas abdicaram do lazer, não como um sacrifício, mas sim como um ato de nova significação das coisas. Tal qual beija-flor, que conjuga trabalho e reprodução das espécies botânicas, elas esperam conciliar as jornadas com rapidez, mas também com graça e leveza.

  11. Prevalência de isquemia miocárdica na cintilografia em mulheres nos períodos pré/pós-menopausa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Augusto Message dos Santos

    2013-12-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: No período pós-menopausa, a presença dos fatores de risco para doença arterial coronária (DAC aumentam. Entretanto, não é bem estabelecida a diferença de prevalência de isquemia miocárdica em mulheres pré/pós-menopausa com múltiplos fatores de risco para DAC. OBJETIVO: Comparar a prevalência de isquemia na cintilografia de perfusão miocárdica com sestamibi-99mTc (CPM em mulheres nos períodos pré/pós-menopausa e avaliar se a menopausa pode ser considerada fator preditor de risco independente para isquemia em mulheres com múltiplos fatores de risco para DAC. MÉTODOS: Analisamos, retrospectivamente, 500 CPM de mulheres pré/pós-menopausa, com múltiplos fatores de risco cardiovascular. A análise estatística foi realizada por teste exato de Fisher e pelas análises univariada e multivariada, sendo considerado significativo o valor de p < 0,05. RESULTADOS: Do total, 55,9% das mulheres estavam no período pós-menopausa, 83,3% eram hipertensas, 28,9% diabéticas, 61,2% dislipidêmicas, 32,1% tabagistas, 25% obesas e 34,3% já apresentavam DAC conhecida. No grupo pós-menopausa, as mulheres eram mais hipertensas, diabéticas e dislipidêmicas, e tiveram menor capacidade funcional no teste ergométrico (p = < 0,005. Não houve diferença estatística significativa na presença de isquemia na CPM entre os grupos pré/pósmenopausa (p = 0,395. A única variável associada à isquemia na CPM foi a presença de DAC prévia (p = 0,004. CONCLUSÃO: Os resultados obtidos sugerem que, em mulheres com múltiplos fatores de risco para DAC, a menopausa não foi fator preditor independente de isquemia na CPM. Essas informações reforçam a ideia de que a investigação de isquemia pela CPM em mulheres com múltiplos fatores de risco para DAC talvez deva iniciar antes da menopausa.

  12. O estigma da violência sofrida por mulheres na relação com seus parceiros íntimos The stigma of violency suffered by women in their intimate relationship with partners

    OpenAIRE

    Virginia Moreira; Georges Daniel Janja Bloc Boris; Nadja Venâncio

    2011-01-01

    Este artigo descreve uma pesquisa sobre o estigma da violência sofrida pelas mulheres na relação com seus parceiros íntimos. Focaliza a compreensão de quais fatores determinantes na relação agressivo-abusiva concorrem para que as mulheres sintam tanta dificuldade de denunciar seus agressores. Fizemos uso do método fenomenológico crítico mundano e, como instrumento, usamos entrevistas áudio-gravadas. Os resultados mostram que essas mulheres suportam várias modalidades de violência na relação c...

  13. Fatores de risco cardiovascular em adultos jovens de um município do Nordeste brasileiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Emiliana Bezerra Gomes

    2012-08-01

    Full Text Available Objetivou-se averiguar fatores de risco cardiovasculares em adultos jovens num interior do Nordeste brasileiro. Estudo quantitativo realizado com 351 escolares adultos jovens de 12 escolas públicas em Juazeiro do Norte, Ceará, selecionados aleatoriamente e estratificados por escola e turno. Os resultados apresentaram maioria feminina, mestiça, conciliando estudo e trabalho, sem companheiro(a e morando com os pais. Houve sedentarismo (57,3%, obesidade/sobrepeso (19,4%, adição de sal à comida (54,4%, ingestão alcoólica (76,1%, hipertensão arterial (1,1% com 50% de não adesão ao tratamento, diabetes mellitus (0,6% e antecedentes familiares de doenças cardiovasculares (86,3%. Caracterizar os riscos cardiovasculares entre os adultos jovens direciona ações de saúde e potencialidades nas parcerias com as escolas.

  14. Mulheres e homens em sindicato docente: um estudo de caso Men and women in an educator's union: a case study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia Ondina Vieira Ferreira

    2004-08-01

    Full Text Available O estudo examina a relação entre participação feminina e masculina no Centro dos Professores do Estado do Rio Grande do Sul - CPERS/Sindicato -, comparando filiação e presença nas diretorias da entidade segundo o sexo, para verificar se nessa entidade a situação das mulheres é diferente da sua situação em outras diretorias de sindicatos de classe, com base composta majoritariamente por homens. Discorre sobre a reduzida participação sociopolítica das mulheres, apresentando, também, números sobre docência e gênero no Brasil. Os resultados indicam inversão da proporcionalidade homens/mulheres na base da categoria em relação às direções da entidade, de tal maneira que, mesmo estando as mulheres bem representadas nesse sindicato, são os homens que ocupam os lugares com maior poder de mando e prestígio, como nas diretorias. Por fim, considerando que a atividade sindical é dominada por um viés masculino, questiona-se se o sindicato estaria tendo condições de acompanhar possíveis modificações na identidade docente, a partir da imagem que tem da categoria.This study examines the relationship between male and female participation in the Centro dos Professores do Estado do Rio Grande do Sul - CPERS/Sindicato (Center of Educators in the State of Rio Grande do Sul - CPERS/Union, comparing membership and presence in the board of directors according to sex, to find out whether women's situation in this union is different from those of other class union boards of directors, composed mostly of men. It discusses the small social and political participation of women and shows some figures on educators and gender in Brazil. The findings indicate a men vs. women proportionality inversion in the category base compared to the board of directors, in such a way that, although women are well represented in this union, men are the ones who occupy positions of greater power and prestige, such as the board. Finally, considering the fact

  15. Intervenção fisioterapêutica em mulheres climatéricas com dispareunia : ensaio clínico randomizado

    OpenAIRE

    Renata Schvartzman

    2016-01-01

    Base Teórica: As alterações do assoalho pélvico nas mulheres climatéricas, decorrentes das variações hormonais, de modificações fisiológicas e do próprio envelhecimento dos tecidos, podem ser responsáveis por disfunções urinárias e sexuais. O papel da fisioterapia no tratamento da incontinência urinária tem sido documentado, porém há poucos estudos avaliando a disfunção sexual. Objetivo: Avaliar o efeito da intervenção fisioterapêutica sobre a dor, a função sexual, a qualidade de vida e a fun...

  16. Do women with migraine have higher prevalence of temporomandibular disorders? Mulheres com enxaqueca têm maior prevalência de disfunção temporomandibular?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria C Gonçalves

    2012-01-01

    Full Text Available OBJECTIVES: The aim of this study was to assess the prevalence of Temporomandibular Disorders (TMD, using the Research Diagnostic Criteria for TMD (RDC/TMD in women with episodic and chronic migraine (M and CM, as well as in asymptomatic women. METHOD: Sample consisted of 61 women, being 38 with M and 23 with CM, identified from a headache outpatient center; we also investigated 30 women without headaches for at least 3 months (women without headache group - WHG. Assessment of TMD was conducted by a physical therapist who was blind to the headache status. RESULTS: The prevalence of TMD, assessed through the RDC, was 33.3% in the WHG, 86.8% in the M group and 91.3% of the CM group. Differences were significant when comparing M and CM groups with WHG (p0.05 as well as higher risk for TMD [odds ratio (OR=3.15, 95% confidence interval (CI 1.73-5.71 and OR=3.97, 95%CI 1.76-8.94]. CONCLUSION: Women with migraine are more likely to have muscular and articular TMD, suggesting that both disorders might be clinically associated, which demonstrate the importance of physical therapy assessment in the multidisciplinary team.OBJETIVOS: Avaliar a presença de disfunção temporomandibular (DTM usando o Critério Diagnóstico em pesquisa para disfunção temporomandibular (RDC/TMD em mulheres com migrânea episódica e migrânea crônica (M e MC, bem como em mulheres sem nenhuma cefaleia. MÉTODO: A amostra foi composta por 61 mulheres, 38 com M e 23 com MC, selecionadas em um centro terciário de saúde; também foram avaliadas 30 mulheres sem nenhuma cefaleia nos últimos três meses (grupo de mulheres sem cefaleia - MSC. A avaliação da DTM foi realizada por um fisioterapeuta que não tinha conhecimento do diagnóstico das pacientes. RESULTADOS: Por meio do RDC/TMD, a frequência de DTM foi de 33.3% no grupo MSC, 86.8% no grupo M e 91.3% no grupo MC. A diferença foi significativa entre os grupos com migrânea e o grupo MSC (p0,05, bem como maior fator de

  17. Do women with migraine have higher prevalence of temporomandibular disorders? Mulheres com enxaqueca têm maior prevalência de disfunção temporomandibular?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria C Gonçalves

    2013-02-01

    Full Text Available OBJECTIVES: The aim of this study was to assess the prevalence of Temporomandibular Disorders (TMD, using the Research Diagnostic Criteria for TMD (RDC/TMD in women with episodic and chronic migraine (M and CM, as well as in asymptomatic women. METHOD: Sample consisted of 61 women, being 38 with M and 23 with CM, identified from a headache outpatient center; we also investigated 30 women without headaches for at least 3 months (women without headache group - WHG. Assessment of TMD was conducted by a physical therapist who was blind to the headache status. RESULTS: The prevalence of TMD, assessed through the RDC, was 33.3% in the WHG, 86.8% in the M group and 91.3% of the CM group. Differences were significant when comparing M and CM groups with WHG (p0.05 as well as higher risk for TMD [odds ratio (OR=3.15, 95% confidence interval (CI 1.73-5.71 and OR=3.97, 95%CI 1.76-8.94]. CONCLUSION: Women with migraine are more likely to have muscular and articular TMD, suggesting that both disorders might be clinically associated, which demonstrate the importance of physical therapy assessment in the multidisciplinary team.OBJETIVOS: Avaliar a presença de disfunção temporomandibular (DTM usando o Critério Diagnóstico em pesquisa para disfunção temporomandibular (RDC/TMD em mulheres com migrânea episódica e migrânea crônica (M e MC, bem como em mulheres sem nenhuma cefaleia. MÉTODO: A amostra foi composta por 61 mulheres, 38 com M e 23 com MC, selecionadas em um centro terciário de saúde; também foram avaliadas 30 mulheres sem nenhuma cefaleia nos últimos três meses (grupo de mulheres sem cefaleia - MSC. A avaliação da DTM foi realizada por um fisioterapeuta que não tinha conhecimento do diagnóstico das pacientes. RESULTADOS: Por meio do RDC/TMD, a frequência de DTM foi de 33.3% no grupo MSC, 86.8% no grupo M e 91.3% no grupo MC. A diferença foi significativa entre os grupos com migrânea e o grupo MSC (p0,05, bem como maior fator de

  18. Mulheres enfrentando as violências: a voz dos operadores sociais Women facing violence: the voice of social workers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Dewes Presser

    2008-09-01

    Full Text Available Este artigo tem o objetivo de esclarecer a rota crítica de mulheres do município de São Leopoldo no enfrentamento da violência, por meio da análise das práticas discursivas de um grupo de trabalhadores de instituições sociais. Realizou-se uma seleção intencional de instituições dos setores saúde, educação, policial, jurídico-legal e comunitário e foram entrevistados dois representantes de cada setor. A partir das práticas discursivas dos operadores, percebemos que a violência praticada contra as mulheres é um problema de elevada frequência e baixa resolubilidade institucional. No processo da rota crítica - o caminho percorrido pelas mulheres para romper com a violência - muitas não recebem o acolhimento nos serviços. Apesar da criação do Centro de Referência para Mulheres, ainda há muito a ser feito para efetivar as políticas públicas. Os depoimentos dos trabalhadores sociais foram enunciados a partir da posição institucional que ocupam, e, nesses discursos, eles minimizaram os pedidos de ajuda das mulheres, culpabilizando-as. Os operadores ligados às organizações comunitárias foram os mais solidários e compreensivos. Os resultados da pesquisa mostram que não há uma única rota ou itinerário ideal; pelo contrário, a rota percorrida pelas mulheres é longa, dolorosa e nem sempre eficiente. Nem todas as rotas empreendidas pelas mulheres em São Leopoldo puderam ser conhecidas, porém o fato de outros serviços estarem sendo disponibilizados na cidade, certamente possibilitará o traçado de outros caminhos.This article investigates the critical path followed by women facing violence in the city of São Leopoldo through the analysis of discursive practices of a group of workers from social institutions. An intentional selection of institutions was carried out, including the following areas: health, education, police force, law and community. Two representatives of each sector were interviewed. Based on the

  19. A mulher que alimenta: representações e sociabilidade no universo cultural das Minas setecentistas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Aparecida Vítor

    2010-07-01

    Full Text Available RESUMO:Este trabalho tem por objetivo contribuir para o estudo da história da mulher africana e suas descendentes em Minas Gerais no século XVIII, por meio da análise dos hábitos alimentares, identificando suas diversas formas de representação e sociabilidade no universo cultural alimentar da América Portuguesa. O objetivo, além de conhecer e compreender o cotidiano da cultura alimentar dessas mulheres é também buscar afirmar uma identidade em que elas possam ser vistas enquanto preservadoras das suas tradições de origem, ressaltando desta forma, seus aspectos étnico-culturais. Para tal, propõe-se estudá-las por um dos meios pelo qual elas mais atuaram em Minas Gerais, o da alimentação. Estabeleceram-se enquanto verdadeiras protagonistas em meio a uma sociedade patriarcalista atuando tanto no comércio fixo quanto no ambulante. Trilhar os caminhos desse universo é mergulhar num contexto híbrido e encontrá-las como agentes sociais que quebraram paradigmas e reinventaram valores e costumes na cultura afro-brasileira.PALAVRAS-CHAVES: Mulher, alimentação, cultura, África, colônia, comércioABSTRACT: This work aims to contribute to the study of the history of African women and their descendants in Minas Gerais in the eighteenth century, through the analysis of eating habits, identifying various forms of representation and sociability in the food culture of Portuguese America universe. The goal, in addition to knowing and understanding the daily life of these women food culture is also seeking to assert an identity that they can be seen while preserving their original traditions, highlighting thus their ethnic and cultural aspects. To this end, it is proposed to study them by one of the means by which they acted more in Minas Gerais, the food. They settled as real protagonists in the midst of a patriarchal society acting both in the fixed trade as in walking. Walk the paths of this universe is to dive in a hybrid context and

  20. Mulheres budistas como líderes e professoras Buddhist women as leaders and teachers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rita M. Gross

    2005-08-01

    Full Text Available No budismo, o papel do professor de dharma (religioso é a função mais prestigiosa, e o professor de dharma tem mais autoridade do que qualquer outro líder. Apesar de os ensinamentos budistas não conterem nenhuma doutrina que limite essa função ao homem, na prática, em toda a história budista, foram pouquíssimas as mulheres que se tornaram conhecidas como professoras de dharma. Algumas pessoas acham que essas práticas não prejudicam as mulheres, porque estas podem, ainda assim, receber os ensinamentos, fazer as práticas mais avançadas e obter altos níveis de esclarecimento espiritual. Contudo, eu afirmo que o fato de não haver professoras de dharma reconhecidas foi nocivo seja para as mulheres budistas, seja para o próprio budismo. Isso tem a ver com o legado das comunidades de monjas em muitas partes do mundo budista, com os baixos padrões de educação para as mulheres, com o fraco prestígio de que gozam as praticantes mulheres, com a falta de modelos para as mulheres e com a perda da sabedoria feminina na herança do pensamento budista. Até que as professoras de dharma não forem amplamente reconhecidas e honradas, o budismo continuará sendo perseguido por seu passado patriarcal, com o prejuízo de todos.In Buddhism, the role of the dharma (religious teacher is the most prestigious role, and dharma teachers have more authority that any other leaders. Though the Buddhist teachings contain no doctrines that limit this role to men, in practice throughout Buddhist history, very few women have been publicly acknowledged as dharma teachers. Some people claim that this practice does not harm women because women can, nevertheless, receive teachings, do advanced practices, and attain high states of spiritual realization. However, I claim that the practice of not recognizing women as dharma teachers has been very harmful both to Buddhist women and to Buddhism itself. It has lead to the demise of the nuns' community in many parts of

  1. Prevalência de sobrepeso e obesidade nas regiões Nordeste e Sudeste do Brasil Overweight and obesity prevalence in Northeast and Southeast Regions of Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Militão Abrantes

    2003-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a prevalência de sobrepeso e obesidade em crianças, adolescentes, adultos e idosos brasileiros das regiões Nordeste e Sudeste; MÉTODOS: Avaliação antropométrica de 17.184 pessoas, estudadas na Pesquisa sobre Padrões de Vida (PPV realizada pelo IBGE em 1996/97, através do índice de massa corporal sendo usados como limite para sobrepeso e obesidade os valores propostos por Cole et al. por permitirem uma continuidade de critério de sobrepeso e obesidade na infância, adolescência e idade adulta. RESULTADOS: Predomínio do sexo feminino, 53,1%, na população estudada. A média de idade foi de 29 anos e 5 meses (desvio padrão de ± 20 anos, a mediana foi de 25 anos e 6 meses. A prevalência de sobrepeso foi de 10,8% entre crianças, 9,9% nos adolescentes e 28,3% entre adultos e a de obesidade foi 7,3%, 1,8% e 9,7%, respectivamente. Observado um aumento gradativo da prevalência de sobrepeso e obesidade desde a infância até a idade adulta, com declínio entre os idosos. CONCLUSÕES: Prevalência conjunta de sobrepeso e obesidade na população brasileira é maior no sexo feminino sendo que mais da metade das mulheres das regiões Nordeste e Sudeste do Brasil, com idade entre 50 e 69 anos, têm sobrepeso e/ou obesidade. A comparação de estudos de prevalência de sobrepeso e obesidade na infância e adolescência é dificultada pela escassez de estudos populacionais nacionais e diversidade de critérios utilizados na avaliação nutricional.OBJECTIVE: to evaluate the prevalence of overweight and obesity in children, adolescents, adults and elderlies from Northeast and Southeast regions of Brazil. METHODS: anthropometric evaluation of 17.184 people, studied in Life Pattern Research conducted by Brazilian Institute of Geographic and Statistics in 1996/97, by body mass index. Overweight and obesity definitions according to body mass index values proposed by Cole et al. which are related to adult definition. RESULTS: It

  2. ENFOQUE SOBRE A LEPTOSPIROSE NA REGIÃO NORDESTE DO BRASIL ENTRE OS ANOS DE 2000 A 2013

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Geraedson Aristides da SILVA

    2015-12-01

    Full Text Available A Leptospirose é uma zoonose infecciosa, relacionada a aglomerações urbanas, fatores ambientais, socioeconômicos e variações climáticas. Objetivo: Descrever a partir de dados do Ministério da Saúde a quantidade de casos confirmados e de óbitos por Leptospirose entre os anos de 2000 a 2013 no nordeste brasileiro. Materiais e Métodos: Realizou-se um estudo retrospectivo sobre os números de casos confirmados e de óbitos relacionados à Leptospirose, retirados do Portal da Saúde – site ligado ao Ministério da Saúde do Brasil, associado também realizou-se revisão da literatura acerca da doença tendo como fonte as seguintes bases de dados: LILACS, PubMed, SciELO, Universidades Federais, no Ministério da Saúde e na Fundação Nacional de Saúde do Brasil buscando-se trabalhos publicados nas línguas portuguesa, inglesa e espanhola. Resultados: Observou-se variação de resultados quando comparados número de casos confirmados e de óbitos e uma queda de 65,85% entre os anos de 2000 e 2013 quando comparados todos os estados da região nordeste. Conclusão: Constata-se através deste estudo uma situação de endemia de Leptospirose em todos os estados da região, sendo necessárias medidas de promoção, proteção da população local e controle da doença.

  3. Os Meios de Comunicação e a Figura da Mulher: uma reflexão sobre a personagem Clara da telenovela Em Família

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Aparecida Baccega

    2016-06-01

    Full Text Available O presente artigo tem por objetivo refletir acerca da construção da figura da mulher operada pelos meios de comunicação, através de um dos seus produtos culturais, a telenovela brasileira. Para tanto, propõe uma investigação que aborda a visibilidade da mulher na mídia, trazendo como arcabouço teórico Baccega (1994; 1999, Escosteguy (2011 e Hall (2013, no que tange aos discursos midiáticos; Lippmann (1966, Bourdieu (2002, Scott (1995, Butler (2015 e Louro (2000 para refletir sobre a figura da mulher. Levando em conta o contexto hegemônico, o presente artigo propõe discutir a ideologia bem como a indústria cultural a fim de analisar, como objeto empírico, a personagem Clara, protagonizada pela atriz Giovanna Antonelli, na telenovela brasileira Em Família, da TV Globo.

  4. Uso popular de plantas medicinais por mulheres da comunidade quilombola de Furadinho em Vitória da Conquista, Bahia, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L. R. Oliveira

    2015-10-01

    Full Text Available Objetivou-se com este trabalho realizar um levantamento do uso popular de plantas medicinais por mulheres da Comunidade Quilombola de Furadinho em Vitória da Conquista-Bahia. O trabalho foi realizado na comunidade Quilombola de Furadinho, visando identificar as principais plantas utilizadas com fins medicinais, as formas de obtenção, sua indicação medicinal, a parte da planta utilizada, as formas de preparo, bem como as formas de obtenção e transmissão deste conhecimento. Para a realização dessa pesquisa foram entrevistadas 14mulheres com idades variadas, moradoras dessa comunidade, através de questionários semi estruturados, e análise descritiva. Constatou-se um vasto conhecimento relacionado ao uso de plantas medicinais entre as entrevistadas, o qual foi adquirido de forma oral através de pais e avós. As plantas medicinais utilizadas são em sua maioria cultivadas em quintais, sendo as folhas a parte mais utilizada nas preparações medicamentosas, e a principal forma de preparo são os chás. Foram identificadas 30 plantas com fins medicinais e terapêuticos, sendo a Erva cidreira, o Capim santo, o Hortelã grosso, a Arruda e a Erva doce as mais utilizadas.Popularized use of medicinal plants by women of Quilombo of Furadinho community in Vitoria da Conquista, Bahia, Brazil Abstract: This work aimed to carry out a survey of the popular use of medicinal plants by women of Furadinho Quilombo Community in Vitória da Conquista, Bahia. The work was conducted in the Furadinho Quilombo Community, aiming at identifying the main plants used for medical purposes, the ways of obtaining, its indication medicinal, the part of the plant used, the forms of preparation, as well as ways of obtaining and transmission of this knowledge. For the realization of this research were interviewed 14 women with ages varied, dwell in this community, through semi-structured questionnaires, and descriptive analysis. It was found a vast knowledge related to

  5. Jovens mulheres: reflexões sobre juventude e gênero a partir do Movimento Hip Hop

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Natália Matias-Rodrigues

    2014-01-01

    Full Text Available Este trabajo es el resultado de una investigación realizada en la maestría en psicología donde discutimos la experiencia de mujeres jóvenes raperas. Partimos de un enfoque cualitativo para realizar: observaciones al Movimiento Hip Hop en la ciudad de Recife-Nordeste de Brasil; entrevistas semi-estructuradas a mujeres jóvenes raperas y análisis a diez composiciones de Rap producidas por mujeres. Percibimos en el Movimiento Hip Hop, que si bien valora la presencia de mujeres, todavía continúa reproduciendo discursos hegemónicos relacionados con las desigualdades de género. La participación de las mujeres en este Movimiento ha contribuido a desestabilizar la dicotomía público / privada; ellas, a través de sus músicas, consiguen espacios de visibilidad, pueden desafiar los códigos del género del Movimiento Hip Hop, proponiendo nuevas formas de pensar y de tener voz y voto, en una sociedad marcada por los valores machistas. Palabras clave autoras: movimiento hip hop.

  6. El tiempo y la tarea: las formas de cálculo del trabajo entre los peones forestales migrantes del nordeste argentino

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gabriela O. M. Schiavoni

    2015-07-01

    Full Text Available El presente artículo aborda el problema de la medición del trabajo rural. Describimos el caso de los peones forestales originarios de la provincia de Misiones que se desplazan a los bosques cultivados de Eucaliptos de la provincia de Entre Ríos en el nordeste de Argentina. Son contratados cíclicamente en plantaciones eslabonadas a las industrias celulósica y maderera. La orientación por tarea y el pago a destajo son predominantes. A partir de esta descripción, reflexionamos sobre las formas de cálculo como indicadores de la organización de los procesos económicos.       

  7. A delegacia da mulher perante as normas e leis para o enfrentamento da violência contra a mulher: um estudo de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lídio de Souza

    2014-06-01

    Full Text Available Este estudo analisa o funcionamento de uma Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam na cidade de Vitória (ES, considerando sua equipe de funcionários e infraestrutura. Os dados foram obtidos por meio de observações de campo e entrevistas individuais com os 14 funcionários da delegacia, analisados com base na "Norma Técnica de Padronização das Deams" e nas informações do relatório "Observe - Sobre as condições para aplicação da Lei nº 11.340/2006 (Lei Maria da Penha nas Deams". Houve coesão entre as respostas dos participantes, que destacaram: prejuízo em suas atividades decorrente da falta de funcionários; bom relacionamento entre os membros da equipe; e demanda por treinamento dos profissionais e por equipe psicossocial na Deam. Sobre a delegacia, foram feitas críticas à precariedade da estrutura física do prédio e dos equipamentos (viaturas, computadores, bem como à falta de apoio da Polícia Civil à Deam. Destaca-se a necessidade de investimentos na infraestrutura, na ampliação e qualificação da equipe, bem como na concretização da tríade prevenção/assistência/repressão, usualmente ignorada pelo Estado e órgãos responsáveis.

  8. Notas feministas sobre o marco jurídico da migração e do tráfico de mulheres na Europa e Espanha

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudia Mayorga

    2012-07-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.5007/1807-1384.2012v9n1p278   Neste trabalho, buscamos compreender aspectos do marco jurídico da migração, tráfico de mulheres e prostituição na Europa de forma geral e na Espanha de forma específica a partir de uma análise das principais regulamentações vigentes entre 2005/2007 nesses contextos. Para isso, buscamos conhecer como a legislação e a tendência ao fechamento de fronteiras oferecem brechas que levam a situações de exploração e vulnerabilização para mulheres migrantes que estão na Espanha exercendo a prostituição. Foram analisados os seguintes documentos: Protocolo para prevenir, reprimir e sancionar o tráfico de pessoas, especialmente mulheres e crianças, do ano 2000, que complementa a Convenção das Nações Unidas contra a delinqüência organizada internacional; Protocolo contra o tráfico ilícito de migrantes por terra, mar e ar, que complementa a Convenção das Nações Unidas contra a delinqüência organizada internacional e a Lei de Migração espanhola de 1985. A política sobre o tráfico de mulheres e as posições mais conservadoras sobre a migração na União Européia tem tido conseqüências específicas para as mulheres. Os tratados e leis enfatizam, sobremaneira, as medidas de controle de fronteiras e repressão aos Possíveis delitos cometidos. Tal perspectiva deixa em segundo plano os direitos dos/as migrantes e das pessoas vitimas do tráfico (é importante ressaltar que os textos dos tratados e leis dão margem para que se identifique tráfico de mulheres com migração para a prostituição. Com relação à prostituição, o direito espanhol não penaliza, mas também não regulamenta, o exercício da prostituição; deixa tal atividade em uma situação de completa alegalidade, o que acaba por incrementar a vulnerabilização das prostitutas frente abusos e explorações de todos os tipos.

  9. AFORIZAÇÕES E FEMINISMO NA INTERNET: ESTUDO DE FRASES CURTAS EMPREGADAS NO MOVIMENTO PRIMAVERA DAS MULHERES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristina Rothier Duarte

    2017-04-01

    Full Text Available Resumo: Neste trabalho, tratamos da análise de frases curtas que tiveram destaque nas redes sociais e em notícias que circularam na Internet, durante o último trimestre de 2015, ápice do movimento Primavera da Mulheres, com o objetivo de investigar o seu status de aforização, suas características enunciativas e o seu modo de funcionamento e de circulação. O corpus da pesquisa é composto pelas frases curtas Meu amigo secreto e Chega de fiu fiu, selecionadas na Internet por meio da ferramenta de busca do Google, bem como mediante trabalho interpretativo dos enunciados para a verificação de associação com o movimento feminista mencionado. Empregaremos como aporte teórico os estudos de análise do discurso de linha francesa, sobretudo, publicações de Dominique Maingueneau. Observamos durante a pesquisa que, de forma associada às aforizações estudadas, surgiram outras aforizações que, apesar de não terem se panaforizado, circularam significativamente na mídia eletrônica perpetuando a memória discursiva do Movimento Primavera das Mulheres. Por outro lado, percebemos também que o uso dessas frases assumiu outros discursos que, embora, muitas vezes, remetam-se à defesa de minorias, não mais traziam o discurso de combate ao machismo.

  10. Pobreza no nordeste do Brasil: uma análise multidimensional para o período 2001 - 2009

    OpenAIRE

    Alencar, Paulo Luciano Ayres de

    2012-01-01

    Este trabalho apresenta evidências a respeito da evolução da pobreza multidimensional no nordeste brasileiro a partir dos microdados da PNAD de 2001 e 2009. Especificamente, a pesquisa procura construir os indicadores de pobreza multidimensional para o nordeste brasileiro a partir dos seis fatores multidimensionais coletados através de informações reunidas na PNAD, seguindo a sugestão de Barros et al. (2003). Os resultados mostram grandes disparidades de desempenho entre as ...

  11. Imigração da Mulher Latina no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariângela Moreira Nascimento

    2017-06-01

    Full Text Available O presente artigo traz, de forma modesta, algumas reflexões sobre a mulher imigrante latina no Brasil. Apresenta o fluxo migratório como um movimento de geração de diferenças e identidades que exige nova base teórica e empírica para ser compreendido. Dessa forma, procura compreender o fenômeno da migração em outra base teórico-metodológica permitindo-nos investigar a condição da mulher imigrante no contexto social brasileiro como sujeito ativo, contrariando o estereótipo da mulher migrante como dependente e passiva.

  12. Abortamento induzido: vivência de mulheres baianas Induced abortion: the experience of women from the Brazilian state of Bahia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanessa do Nascimento Pereira

    2012-12-01

    Full Text Available O abortamento representa grave problema de saúde pública, que envolve questões legais, econômicas, sociais e psicológicas. Estudo qualitativo que teve como objetivo identificar situações que interferem na decisão pelo aborto e os sentimentos diante do processo de abortar. O estudo foi realizado em uma Maternidade Pública, no Município de Salvador-BA, e os sujeitos foram constituídos por nove mulheres hospitalizadas por aborto provocado. Para a coleta de dados, utilizamos a entrevista acompanhada por um formulário semiestruturado. Foram considerados os aspectos éticos baseados na Resolução 196/96 do Conselho Nacional de Saúde. Para a análise das falas, usamos como referencial a técnica de análise de conteúdo de Bardin. A amostra caracterizou-se por mulheres adultas eminentemente negras; casadas/união estável; dependentes financeiramente do companheiro. Na análise dos discursos, surgiram dois temas: Motivação e Sentimentos. Dentre os motivos que levam ao aborto, encontram-se a dificuldade financeira, o número de filhos, a vivência de violência conjugal e a perda de sua autonomia. O processo de abortamento gera medo de morrer, tristeza e alívio. As mulheres vivenciam o aborto induzido, revelando um processo muito doloroso, desde o momento em que descobrem a gravidez, passando pela difícil decisão de interrompê-la. Quando não são ajudadas, essas mulheres perpetuam essa dor, vivendo dias de angústia e culpa. O exercício da escuta e do acolhimento devem estar presentes na vida dos profissionais de saúde, independentemente de suas opiniões com relação ao aborto, a fim de que a mulher possa expressar seus sentimentos, e então obter ajuda e encaminhamento adequados.Abortion is a serious public health problem that involves legal, economic, social and psychological issues. This qualitative study aimed to identify situations that interfere in the abortion decision and the feelings about the process of aborting. The

  13. Mulher e negra: dupla vulnerabilidade às DST/HIV/aids

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Naila Janilde Seabra Santos

    Full Text Available Resumo O objetivo deste trabalho é discutir os fatores determinantes da vulnerabilidade das mulheres negras a HIV/aids. Pela descrição e análise de dados socioeconômicos, de incidência e mortalidade de aids e da mortalidade de outras patologias, desenha-se o quadro epidemiológico que ressalta as iniquidades em saúde da população negra e, em particular, das mulheres desse segmento populacional. Quando comparadas às mulheres brancas, as negras apresentam, repetidamente, maior risco de adoecimento e morte. A discussão sobre violência sexual e doméstica reitera as disparidades e a maior vulnerabilidade social da mulher negra. As desigualdades socioeconômicas e o racismo institucional são as hipóteses explicativas para a alta vulnerabilidade às DST/aids das mulheres negras. Apenas com uma ampla gama de ações multissetoriais, incisivo enfrentamento do racismo institucional pelo Estado e fortalecimento do movimento social será possível iniciar a longa jornada para se alcançar o propalado princípio de equidade na saúde.

  14. Uso de álcool como causa necessária de morte no Brasil, 2010 a 2012

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leila Posenato Garcia

    Full Text Available OBJETIVO:Descrever a mortalidade por doenças, condições e lesões para as quais o consumo de álcool é causa necessária durante o triênio de 2010 a 2012 no Brasil. MÉTODOS: Foi realizado um estudo descritivo com dados do Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM do Ministério da Saúde do Brasil. Foram considerados os óbitos cujas causas básicas foram classificadas em qualquer um dos 78 códigosda Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde (CID-10 correspondentes às doenças, condições e lesões para as quais o uso de álcool é causa necessária. RESULTADOS: Foram registrados 55 380 óbitos pelas causas consideradas, sendo 88,5% de homens. A taxa de mortalidade bruta (TMB no triênio foi de 9,6 por 100 000 habitantes na população geral, 17,35 por 100 000 homens para o sexo masculino e 2,15 por 100 000 mulheres para o sexo feminino. TMB mais elevadas foram observadas nos grupos de 50 a 59 (28,45 e de 60 a 69 (27,23 anos de idade e em pessoas de cor da pele preta ou parda (10,15. As regiões Nordeste (11,70 e Centro-Oeste (11,04 exibiram as taxas de mortalidade ajustadas mais elevadas. As doenças do fígado foram as principais causas de morte (55,3%. CONCLUSÕES: A mortalidade por causas associadas ao consumo de álcool é elevada no Brasil, especialmente entre os homens, na faixa etária de 50 a 69 anos e nos residentes das regiões Nordeste e Centro-Oeste.

  15. Sistemas de culturas com milho sob semeadura direta na região Nordeste do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Richardson Soares de Souza Melo

    2013-09-01

    Full Text Available A grande dificuldade de implantação da semeadura direta no Nordeste é a produção e o acúmulo de fitomassa na superfície do solo. Há necessidade de se desenvolver sistemas de culturas para região Nordeste, que produzam grandes quantidades de fitomassa, para permanecer por maior tempo na superfície, oferecendo proteção ao solo. O presente trabalho objetivou avaliar a capacidade de produção de fitomassa de diferentes sistemas de culturas e sua influencia na produtividade do milho na microrregião de Guarabira - PB. Foram instalados seis sistemas de culturas: semeadura direta com milho (SD; semeadura direta com milho + mucuna (SDM; semeadura direta com milho + guandu (SDG; semeadura direta com milho + guandu + mucuna (SDGM; semeadura direta com milho + fava (SDF e semeadura direta com milho + fava + mucuna (SDFM, na presença e ausência de adubação mineral com N-P-K, avaliados durante 9 anos. Foram avaliados o percentual de cobertura e a quantidade de fitomassa sobre o solo, bem como a produtividade de grãos de milho. A adubação mineral e as leguminosas proporcionaram acréscimos variando entre 22% e 49% de produtividade de grãos de milho entre os sistemas de cultivo. Com o passar dos anos, os sistemas de culturas promoveram estoque de fitomassa com acréscimos de até 76% na superfície do solo e, embora a precipitação seja um fator limitante para produção de fitomassa, o uso das leguminosas e da adubação mineral com N-P-K nos sistemas de culturas facilitaram a implantação do sistema de semeadura direta na região estudada.

  16. A influência do método pilates na musculatura do assoalho pélvico em mulheres no climatério: estudo de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Josiane Teresinha Bertoldi

    2015-10-01

    Full Text Available Objetivo: avaliar a influência dos exercícios do método Pilates na força de contração da musculatura do assoalho pélvico (MAP e na qualidade de vida (QV de mulheres no climatério. Método: amostra composta por duas mulheres (1 e (2, com 50 e 48 anos respectivamente, sem disfunção da MAP. A pré e pós-avaliação foi composta pelos protocolos: avaliação visual funcional (AFA, teste dos cones vaginais (TCV, teste de força com perineômetro modelo perina, quark® para fibras rápidas (TPFR e para fibras lentas (TPFL, e avaliação da QV com o Women´s Health Questionnaire (WHQ. O tratamento consistiu em 10 sessões de 50 minutos, 03 vezes por semana, compostas por exercícios selecionados do método Pilates. Resultados: AFA e TCV o grau de força foi máximo no pré e pós-teste, entretanto notou-se melhora da contração isolada da MAP; no TPFR houve incremento de força de 45,83% (1 e 362,50% (2, no TPFL o ganho foi de 82,43% (1 e 209,38% (2; no WHQ houve variação positiva nas dimensões: sintomas somáticos, vasomotores, menstruais, atratividade e depressão. Considerações finais: o método Pilates promove aumento da força de contração da MAP, com discreta influência na autopercepção da QV de mulheres no período do climatério, sem patologias associadas.

  17. Correlação entre alterações lombares e modificações no arco plantar em mulheres com dor lombar

    OpenAIRE

    Borges,Cláudia dos Santos; Fernandes,Luciane Fernanda Rodrigues Martinho; Bertoncello,Dernival

    2013-01-01

    OBJETIVO: Avaliar provável correlação entre arco plantar, curvatura lombar e dores lombares. MÉTODOS: Foram avaliadas 18 mulheres com queixa de dor lombar, submetidas a uma avaliação que constava de dados pessoais e de um exame físico com medidas antropométricas, avaliação do arco plantar por meio fotopodoscopia, avaliação da postura do paciente por meio do biofotogrametria, ambos utilizando o programa SAPO, além de avaliação da dor lombar pela escala visual analógica (EVA). A idade média dos...

  18. Prolactina e seus excessos em mulheres não-gestantes - doi: 10.5102/ucs.v3i1.548

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristiane Maria Villar Silva

    2008-04-01

    Full Text Available A prolactina é um hormônio produzido pela hipófise, responsável por processos fisiológicos relacionados à reprodução, cuja principal função é a manutenção da lactação. Sua secreção é regulada por mecanismos hormonais e não-hormonais. Existem patologias relacionadas com o excesso de prolactina circulante. São as denominadas hiperprolactinemias e os prolactinomas de causas fisiológicas, farmacológicas, patológicas e idiopáticas. Os níveis de prolactina verificados em 79 mulheres analisadas por um laboratório particular de Brasília mostraram variações características de acordo com diferentes faixas etárias.

  19. Significado da capacitação profissional para o cuidado da mulher vítima de violência conjugal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nadirlene Pereira Gomes

    2013-09-01

    Full Text Available Objetivou-se compreender os significados atribuídos por profissionais que atuam na estratégia de saúde da família sobre a capacitação profissional para o cuidado à mulher em situação de violência conjugal. MÉTODOS: Estudo qualitativo baseado na Teoria Fundamentada nos Dados. O projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa em 14/05/201. Foram entrevistados 52 profissionais que atuam na Estratégia Saúde da Família, entre eles, técnicos, enfermeiros, médicos e coordenadores da unidade, no período de maio e agosto de 2012. A análise respaldou-se na codificação aberta, axial e seletiva. RESULTADOS: A dificuldade de reconhecer o agravo à mulher e os encaminhamentos ao sistema de referência e contrarreferência constituem os principais desafios para o enfrentamento da problemática. Os profissionais propõem a capacitação enquanto estratégica para garantia do cuidado. CONCLUSÃO: O estudo oferece subsídios para a gestão do cuidado à mulher, sobretudo no âmbito da Atenção Primária à Saúde.

  20. VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER: ANÁLISE DA IDENTIDADE DE MULHERES QUE SOFREM VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina Barbosa Vigário

    2014-12-01

    Full Text Available A violência, como um fenômeno social, é historicamente presente no cotidiano das relações sociais, é intrínseca ao processo civilizatório e é manifestada de diferentes formas. A violência nas relações entre parceiros expressa a dinâmica de afeto e poder e, em sua maioria, denuncia relações de subordinação e dominação. É em grande parte, direcionada contra a mulher, independente de sua posição social ou do grau de desenvolvimento econômico. Este trabalho foi realizado na Delegacia de Polícia Civil de Goiandira – GO e realizou a análise da identidade de mulheres na relação de violência com seus parceiros, identificando valores e processos identitários nas circunstâncias e dinâmicas cotidianas dos atores envolvidos. Para isso, utilizou-se como metodologia a pesquisa-ação, a qual teve como instrumentos de coleta de dados o Diário de Campo, a escuta Terapêutico-Educativa, balizada pela intervenção psicossocial. O resultado dessa análise nos aponta para as dificuldades apresentadas pelas mulheres que sofrem violência doméstica em exercitar a capacidade de conduzir sua própria vida, em construir novas identidades e entender que a violência de gênero deve ser combatida através da desconstrução relações de desigualdade entre homens e mulheres e as reestruturando nos campos afetivo, valorativo e operativo, possibilitando transformação das relações sociais.

  1. Padrão alimentar de mulheres com câncer de mama: um estudo a posteriori

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Karin Sedó Sarkis

    2014-09-01

    Full Text Available Objetivo: Identificar o padrão alimentar a posteriori de mulheres com câncer de mama. Métodos: Estudo observacional, transversal e analítico. Foram avaliadas 100 mulheres com câncer de mama submetidas à quimioterapia / radioterapia, atendidas em um centro de câncer na cidade de Fortaleza, de Julho-Dezembro de 2012. Os dados clínicos, socioeconômicos e antropométricos foram analisados. Para avaliação do consumo foi utilizado um QFA validado, e o consumo diário de cada alimento foi definido em gramas. Então eles foram agrupados de acordo com sua composição nutricional, seguindo a pirâmide alimentar adaptada à população brasileira, em 10 grupos de alimentos. Resultados: Idade média 50,9 anos, com prevalência de carcinoma ductal (83% em estágio III (60%. A média do IMC indica excesso de peso (28,3 kg/m2 e a circunferência da cintura estava acima do recomendado (98,6 cm. Nós identificamos quatro componentes alimentares e 21% da variância da dieta foi explicado pelo componente alimentar 1 (Risk, com a matriz composta por carne vermelha e processada, óleos e gorduras e cereais. Conclusão: O padrão alimentar das pacientes foi caracterizado por uma dieta de risco.

  2. Crédito pecuário a mulheres de Moçambique: dinâmicas sociais de gênero

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Henrique Cândido

    2010-11-01

    Full Text Available O objetivo principal deste estudo foi conhecer e compreender os fatores que influenciaram as mulheres rurais do Posto Administrativo de Changalane, ao Sul de Maputo – Moçambique, a optarem pelo crédito pecuário e o significado social do novo papel socioeconômico por elas assumido na Comunidade sob influência da Associação Moçambicana para o Desenvolvimento da Mulher Rural (AMRU. Sustenta-se no gênero como categoria analítica. Trata-se de uma pesquisa qualitativa na perspectiva investigativa exploratória. Centra-se na constituição das mulheres rurais como beneficiárias do crédito pecuário. Essa nova atividade despertou a comunidade para novas formas de produção e relacionamento sociofamiliar, possibilitando o estabelecimento de novas e mais igualitárias relações entre os sexos. Foram identificadas mudanças nas relações sociais e familiares nas unidades produtivas na Comunidade, decorrentes dessa nova modalidade de crédito às mulheres. A estrutura de relações sociais e de gênero foi questionada, favorecida pela estratégia de Educação Cívica e capacitação socioprofissional proposta pela AMRU. Identificou-se a inclusão da mulher, até então “invisível”, como um segmento importante na produção de riquezas, assim como no espaço da cidadania, na direção da justiça social e promoção da igualdade entre os sexos. Discute-se as repercussões dessa atividade na dinâmica das relações matrimoniais que influenciaram a valorização e autoestima das mulheres no plano econômico e social e que culminaram com a aquisição de prestígio social. Mudanças vislumbradas na dinâmica familiar, a partir de elementos materiais e simbólicos, compõem, atualmente, a vida dessas mulheres. Salienta-se, também, a relevância da “nova identidade” proporcionada e geradora de novas práticas sociais na conformação do rural e da Agricultura Familiar dentro dessa Comunidade.

  3. Brasil Mulher e Nós Mulheres: Origins of the Feminist Press in Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosalina de Santa Cruz Leite

    2003-01-01

    Full Text Available This article presents some reflections about the feminist alternative press that appeared in the state of São Paulo, Brazil, in the second half of the 70’s. The press was a space for expression of a special breed of politics that was closely linked to the awakening of women to feminist ideas in the period after the armed struggle against the Brazilian dictatorship. The journals Brasil Mulher and Nós Mulheres portray, in their articles and editorials, the fight for amnesty, for day nurseries, for democratic freedoms – all symbols of opposition against the regime in the era of military dictatorship. In addition they report on specific matters, such as, domestic violence, women’s working-conditions, reproductive rights, abortion and sexuality. From the point of view of the popular movement and the women’s organizations, the alternative press of women is without any doubt an important source, and still under-explored, for understanding the period considered.

  4. Análise espectral de flores utilizadas por aves nectarívoras em uma área urbana no Sudeste do Brasil

    OpenAIRE

    Toledo, MCB.; Donatelli, RJ.

    2010-01-01

    Análise espectral de flores utilizada por aves nectarívoras em áreas urbanas. O objetivo deste trabalho foi estabelecer a característica espectral das flores produtoras de néctar visitadas por nectarívoros em áreas urbanas. Este estudo foi desenvolvido na região central do município de Taubaté, no nordeste do Estado de São Paulo. As áreas amostradas incluíram espaços verdes, tais como praças e parques e a vegetação das ruas e avenidas. Foram registradas 12 espécies de plantas utilizadas por c...

  5. Relação entre as anomalias de TSM e qualidade potencial da uva na região nordeste do Rio Grande do Sul

    OpenAIRE

    Gruppelli,Juliano Lisbôa; Marques,Julio Renato; Diniz,Gilberto Barbosa

    2008-01-01

    Uma das culturas de grande importância para a economia do Rio Grande do Sul é a videira. Embora as produções de vinho, suco de uva e demais derivados da uva e do vinho também ocorreram em outras regiões, a maior concentração encontra-se na região nordeste do Rio Grande do Sul. Um dos principais fatores que influenciam na qualidade potencial da uva é a precipitação. Para a videira, influem não somente a quantidade total de chuvas, mas também sua distribuição ao longo do ciclo vegetativo. Por e...

  6. Treinamento de sobrecarga muscular não afeta o diâmetro das principais veias dos membros inferiores em mulheres adultas com insuficiência venosa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gigliola Cibele Cunha da Silva

    2010-12-01

    Full Text Available O exercício físico pode promover benefícios na funcionalidade do sistema venoso. Contudo, tratando-se de exercício com sobrecargas musculares, observa-se contraindicações quanto à sua prática diante da possibilidade da mesma estar relacionada ao agravamento das disfunções venosas. OBJETIVO: Analisar os efeitos da prática do exercício com sobrecargas musculares sobre o diâmetro venoso de mulheres fisicamente inativas portadoras de insuficiência venosa crônica de membros inferiores. MÉTODOS: Vinte e duas mulheres com idades entre 21 e 58 anos (34,27 ± 12 anos foram divididas aleatoriamente em dois grupos: experimental (n = 12 e controle (n = 10. O treinamento com cargas foi realizado por 16 semanas, e o diâmetro venoso foi medido nas veias safenas magna (em nível da coxa e perna e parva no membro inferior esquerdo por meio de ecodoppler colorido. Utilizou-se a ANOVA por dois fatores para avaliar as possíveis modificações dos diâmetros entre os grupos e ao longo do tempo (p < 0,05. RESULTADOS: Não foram encontradas alterações significativas nos diâmetros das veias safenas parva (porções superior, média e inferior: p = 0,80, 0,32 e 0,20, respectivamente, magna em nível da perna (p = 0,17, 0,74 e 0,96 e magna em nível da coxa (p = 0,57, 0,67 e 0,52. CONCLUSÃO: A prática do exercício com sobrecargas musculares pode ser considerada um meio de intervenção ou tratamento, uma vez que não promoveu alterações no diâmetro venoso de mulheres que apresentaram insuficiência venosa crônica nos membros inferiores.

  7. O PROCESSO DE ADOLESCER NO DISCURSO DE MULHERES ADOLESCENTES DE UMA COMUNIDADE PERIFÉRICA EM MANAUS

    OpenAIRE

    Vilma Gomes Mourão; Rosângela Francischini

    2018-01-01

    O trabalho promove uma discussão acerca da adolescência no que tange às diversas formas de entendimento desse termo ao longo da história, para, assim, nos aproximarmos das concepções que mulheres adolescentes de um bairro periférico da cidade de Manaus desenvolveram acerca da adolescência. Trata-se de uma pesquisa exploratória de base qualitativa, cujos dados foram construídos com seis adolescentes entre 16 e 19 anos e analisados por meio da análise de discurso (Pêcheux). Os resultados aponta...

  8. Corpos mutantes, mulheres intrigantes: transexualidade e cirurgia de redesignação sexual

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael Alves Galli

    Full Text Available Algumas definições de transexualidade incluem a questão da cirurgia de redesignação sexual como um desejo inerente aos(às transexuais. Este estudo teve por objetivo investigar os significados atribuídos à cirurgia por quatro mulheres transexuais, destacando as concepções a respeito das mudanças que a redesignação acarreta na vida da pessoa transexual. Os dados foram colhidos mediante aplicação individual de entrevista aberta na modalidade história de vida temática. O material transcrito foi organizado sob a forma de estudos de caso e analisado com base na Teoria Queer. Os resultados sugerem que os significados atribuídos à cirurgia são polissêmicos e mutáveis ao longo do processo de desenvolvimento e que o desejo de se submeter ao procedimento não deve ser um critério definidor da transexualidade.

  9. Partos domiciliares planejados assistidos por enfermeiras obstétricas: transferências maternas e neonatais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joyce Green Koettker

    Full Text Available O presente trabalho trata-se de estudo exploratório-descritivo que teve como objetivo descrever a taxa e as causas de transferência intraparto para o hospital de mulheres assistidas no domicílio por enfermeiras obstétricas e os desfechos desses nascimentos. A amostra foi composta por onze mulheres e seus recém-nascidos, de janeiro de 2005 a dezembro de 2009. Os dados foram coleta-dos em prontuários e cadernetas de saúde e analisados por estatística descritiva. A taxa de transferência foi de 11%, a maioria de nulíparas (63,6%, e todas foram transferidas durante o primeiro período clínico do parto. Os motivos mais frequentes de transferência foram parada de dilatação cervical e progressão da apresentação fetal, e desproporção cefalopélvica. Os escores de Apgar no 1º e 5º minutos foram >7 em 81,8% dos casos e não houve internação em unidade de terapia intensiva neonatal. Neste estudo constatou-se que o parto domiciliar planejado assistido por enfermeiras obstétricas, com protocolo assistencial, apresentou bons resultados maternos e neonatais, mesmo quando a transferência para o hospital foi necessária.

  10. Desenvolvimento e validação de equação preditiva da gordura visceral em mulheres

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marina de Moraes Vasconcelos Petribu

    2012-04-01

    Full Text Available DOI: http://dx.doi.org/10.5007/1980-0037.2012v14n3p333 Os métodos atualmente disponíveis para avaliação da obesidade visceral apresentam limitações, tornando-os inviáveis para avaliação em grandes grupos de indivíduos. Esse estudo teve por objetivo desenvolver e validar equação preditiva para estimar a área de tecido adiposo visceral em mulheres jovens. Foram estudadas 64 mulheres entre 19 e 36 anos. As seguintes variáveis foram avaliadas: volume de gordura visceral (VGV (medido pela ultra-sonografia, Índice de Massa Corporal (IMC, Circunferência da Cintura, Razão Cintura-Estatura (RCE, Razão Cintura-Quadril, Índice de Conicidade, Perfil Lipídico e Glicemia de Jejum (GJ. As mulheres foram divididas em dois grupos: desenvolvimento (n=48 e validação (n=16 da equação. Foram propostas e validadas três equações para estimativa do VGV: Equação 1: VGV=-31,888+(4,044xIMC; Equação 2: VGV= -51,891+(248,018xRCE; Equação 3: VGV= -130,941 +(198,673 * RCE + (1,185xGJ, com poder preditivo de 34%, 24% e 45%, respectivamente. Não foi observada diferença estatisticamente significante entre os valores de VGV avaliados pela ultrassonografia e estimados pelas equações preditivas no grupo de validação. As equações propostas podem ser utilizadas para calculo do VGV de mulheres jovens, quando os exames de imagem não estiverem disponíveis, sendo uma ferramenta valiosa para estudos epidemiológicos e serviços de saúde.

  11. Incontinência urinária entre mulheres climatéricas brasileiras: inquérito domiciliar Urinary incontinence among climateric Brazilian women: household survey

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Telma Guarisi

    2001-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Por inquérito populacional domiciliar, investigar a prevalência de incontinência urinária de esforço e os fatores a ela associados em mulheres climatéricas. MÉTODOS: Realizou-se análise secundária de dados de um inquérito populacional domiciliar sobre o climatério e a menopausa em mulheres do município de Campinas, SP, Brasil. Foram selecionadas, por meio de estudo descritivo e exploratório de corte transversal, por processo de amostragem, 456 mulheres, na faixa etária de 45 a 60 anos de idade. Exploraram-se a queixa de incontinência urinária e os fatores de risco possivelmente relacionados -- idade, estrato socioeconômico, escolaridade, cor, paridade, tabagismo, índice de massa corpórea, cirurgias ginecológicas anteriores, estado menopausal e uso de terapia de reposição hormonal. Os dados foram coletados por entrevistas domiciliares, com questionários estruturados e pré-testados, adaptados pelos autores e fornecidos pela Fundação Internacional de Saúde, pela Sociedade Internacional de Menopausa e pela Sociedade Norte-Americana de Menopausa. A análise dos dados foi realizada por razão de prevalência (IC 95%. RESULTADOS: Das mulheres entrevistadas, 35% referiram perda urinária aos esforços. Nenhum dos fatores sociodemográficos estudados se mostrou associado ao risco de incontinência urinária. Também a paridade não alterou significativamente esse risco. Outros fatores como cirurgias ginecológicas anteriores, índice de massa corpórea e tabagismo não se mostraram associados à prevalência de incontinência urinária. O estado menopausal e o uso de terapia de reposição hormonal não modificaram o risco de incontinência urinária de esforço. CONCLUSÃO: Apesar de a prevalência de incontinência urinária em mulheres climatéricas ter sido alta, não se mostrou associada aos fatores socioeconômicos e reprodutivos abordados.OBJECTIVE: To investigate the prevalence of stress urinary incontinence

  12. Mulher na Mídia: uma análise crítica das abordagens sobre casos de violência contra mulher em jornais do Maranhão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Geysa Fernandes Ribeiro

    2017-06-01

    Full Text Available Neste trabalho temos a preocupação de analisar criticamente as abordagens dos jornais maranhenses “O Estado” e “Jornal Pequeno” sobre os casos de violência contra as mulheres nos anos de 2013 a 2015, avaliando 307 reportagens. Além disso, pretendemos identificar como a imagem da mulher é construída pela mídia, verificar os discursos utilizados nos jornais ao relatar casos de violência contra a mulher, discutir a relevância dada a esses tipos de violência e destacar a frequência com que os jornais reservam espaços para comunicar as formas de denúncia em situações que envolvem violência à mulher. Para tanto, foi utilizado o método de abordagem dialético, que considera que os fatos não podem ser considerados fora do seu contexto social. Nesta pesquisa discutimos gênero como uma categoria que é construída socialmente e sua relação com o fenômeno da violência. Destacamos o espaço de poder ocupado pela mídia, mostrando como esta pode construir o discurso da violência e ser até certo ponto conivente com tipos de violação.  A partir das análises realizadas, é possível constatar que há nas notícias publicadas nos jornais impressos mais destaque às imagens do que à contextualização dos fatos. Dessa forma, podemos perceber que: os casos de violência contra as mulheres estão na sua grande maioria nas páginas policiais dos jornais; mesmo quando uma notícia não se refere exclusivamente a uma prática feminina é a figura da mulher que é colocada em evidência; os discursos utilizados para falar sobre a violência contra a mulher é meramente descritivo; só são temas de reportagens as violências físicas e sexuais; e não há nos casos de violência, informações sobre as leis e políticas públicas que podem assegurar as mulheres em situação de violência. De modo geral, os jornais têm sido um espaço muito mais comercial do que propriamente informativo.Palavras- chave: Mulher, Violência e Mídia

  13. REDUZINDO AS DESIGUALDADES DE GÊNERO? uma análise do Programa Nacional Trabalho e Empreendedorismo da Mulher em Pernambuco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Géssika Cecília Carvalho

    2017-01-01

    Full Text Available Este artigo é resultado de um estudo sobre a implementação do Programa Trabalho e Empreendedorismo da Mulher em Pernambuco (PTEM-PE e seus benefícios para as mulheres que participaram de suas atividades. O Programa tinha como objetivo alterar a inter-relação presente nos processos de desenvolvimento local e as questões de gênero, atendendo mulheres em situação de vulnerabilidade por renda, apresentando oportunidades de alternativas de geração de renda, de inserção no mercado e de organização em associações e cooperativas. Os resultados da pesquisa apontaram que o PTEM-PE teve seus méritos e trouxe benefícios para as participantes, ainda que não tenham sido os postos como objetivos nos documentos oficiais, pois se referiram mais aos aspectos subjetivos, comportamentais e existenciais. O significado por elas atribuído dos benefícios foi mais perceptível no que se refere às mudanças produzidas nos olhares e opiniões sobre si mesmas e não necessariamente ao seu protagonismo e efetiva participação no desenvolvimento econômico local.   This article is the result of a study on the implementation of the Programa Trabalho e Empreendedorismo da Mulher in Pernambuco (PTEM-PE and their benefits for women who participated in its activities. The Program aimed to change the interrelation in local development processes and gender issues, taking account of vulnerable women by income, presenting opportunities for income generation alternatives, market integration and in associations and cooperatives. The survey results showed that the PTEM-PE had its merits and has brought benefits to the participants, even if they have not been the posts as goals in official documents, as mentioned more subjective, behavioural aspects and existential. The meaning for they assigned the benefits was more noticeable with regard to changes produced in looks and opinions about themselves and not necessarily to their role and effective participation in

  14. Risk factors for osteoporotic fractures and low bone density in pre and postmenopausal women Factores de riesgo para fractura por osteoporosis y baja densidad ósea en mujeres en la pre y post menopausia Fatores de risco para fratura por osteoporose e baixa densidade óssea em mulheres na pré e pós-menopausa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo M Pinheiro

    2010-06-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To estimate the prevalence and analyze risk factors associated to osteoporosis and low-trauma fracture in women. METHODS: Cross-sectional study including a total of 4,332 women older than 40 attending primary care services in the Greater São Paulo, Southeastern Brazil, between 2004 and 2007. Anthropometrical and gynecological data and information about lifestyle habits, previous fracture, medical history, food intake and physical activity were obtained through individual quantitative interviews. Low-trauma fracture was defined as that resulting from a fall from standing height or less in individuals 50 years or older. Multiple logistic regression models were designed having osteoporotic fracture and bone mineral density (BMD as the dependent variables and all other parameters as the independent ones. The significance level was set at pOBJETIVO: Estimar la prevalencia y analizar los factores de riesgo asociados con osteoporosis y fractura por bajo impacto entre mujeres. MÉTODOS: Estudio transversal realizado con 4.332 mujeres encima de 40 años de edad provenientes de atención primaria de salud en el área metropolitana de la gran Sao Paulo, SP, entre 2004 2007. Datos antropométricos y ginecológico y relativos a hábitos de vida, fractura previa, antecedentes personales, ingestión alimentaria y actividad física fueron evaluados por medio de entrevista individual y cuantitativa. Fractura por bajo impacto fue definida como decurrente de caída de la propia altura o menos en individuos con más de 50 años de edad. Modelos de regresión multivariada y logística analizaron, respectivamente, la densidad ósea y la fractura por osteoporosis, como variables dependientes y todas las otras como independientes. El nivel de significancia estadística establecido fue pOBJETIVO: Estimar a prevalência e analisar os fatores de risco associados com osteoporose e fratura por baixo impacto entre mulheres. MÉTODOS: Estudo transversal realizado

  15. Mulheres e HIV/SIDA

    African Journals Online (AJOL)

    chifaou.amzat

    21 jul. 2017 ... cento de mulheres grávidas entre os 15 e 49 anos de idade vivem com o vírus causador da ... ameaçando reverter os ganhos dos últimos anos do ponto de vista do ..... De acordo com o Jornal Notícias (09/11/2012, pg. 5):.

  16. Triste e Incompleta: Uma Visão Feminina da Mulher Infértil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Trindade Zeidi Araujo

    2002-01-01

    Full Text Available Este artigo relata resultados de uma pesquisa que teve como objetivo investigar as representações sociais da infertilidade feminina, entre mulheres de diferentes estratos sociais. Foram entrevistadas 180 mulheres, com idade variando entre 18 e 40 anos, sendo 90 moradoras de bairros populares, e 90 moradoras de dois bairros considerados de classe-média. Cada grupo foi dividido em 3 subgrupos: a 30 mulheres casadas, com pelo menos um filho biológico; b 30 mulheres casadas há pelo menos 1 ano, sem filhos; c 30 mulheres solteiras, sem filhos. Para a coleta de dados utilizou-se a técnica de associação livre, tendo como expressão geradora "mulher que não pode ter filhos", além de perguntas específicas sobre a temática de interesse. Os dados mostraram como principais elementos do campo representacional tristeza, incompleta, frustração, cobrança dos outros, solidão, pessoa inferior, adoção, busca de soluções e não é problema, confirmando a permanência da concepção da infertilidade como uma condição estigmatizante para a mulher.

  17. Multifuncionalidade relações não-marcantis: manejo de recursos comuns no Nordeste

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eric Sabourin

    Full Text Available O artigo analisa alternativas de reconhecimento e valorização do caráter multifuncional da agricultura no Nordeste semiárido. Examina as funções associadas à produção agropecuária em termos de manejo de recursos naturais comuns e de produção de bens públicos, definidas como práticas não-mercantis de manejo de recursos naturais comuns, mobilizadas pelos agricultores por meio de diversas formas de ação coletiva fundadas em relações de reciprocidade. Defende a ideia de que tais dispositivos coletivos asseguram a sustentabilidade das funções produtivas, ambientais e sociais, a permanência ou a modernização das estruturas sociais e das instituições que regulam essas práticas de reciprocidade. O apoio a essas práticas e seu reconhecimento institucional ou jurídico contribuem para sua reprodução ou sua adaptação ao contexto atual.

  18. Práticas de enfermeiras para promoção da dignificação, participação e autonomia de mulheres no parto normal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andréa Lorena Santos Silva

    2015-09-01

    Full Text Available ResumoObjetivou-se conhecer as práticas de cuidado utilizadas por enfermeiras implicadas nos processos autonomia, dignificação e participação de mulheres durante o parto normal. Pesquisa qualitativa, de caráter exploratório descritivo, desenvolvida com 30 mulheres que tiveram o parto realizado em um Centro de Parto Normal de Salvador - BA. Para subsidiar a análise foi utilizado o conceito de autonomia. As práticas dignificantes foram: o acolhimento; a promoção da presença de acompanhante, bem como, de ambiente adequado para o cuidado; e a transmissão de calma e segurança às mulheres. Para o processo de autonomia destacaram-se a promoção de relações pessoais livres de coerção; e a facilitação no acesso às informações; não deixando de estimular a participação ativa das mesmas. Embora no Centro tenha havido um avanço na busca pela promoção da autonomia e participação das mulheres atendidas, necessita ainda de mais ações para atingir plenamente esse objetivo.

  19. Ingestão de energia e nutrientes segundo consumo de alimentos fora do lar na Região Nordeste: uma análise do Inquérito Nacional de Alimentação 2008-2009

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jessica Brito Cavalcante

    Full Text Available RESUMO: Introdução: O consumo de alimentos fora do lar vem crescendo no Brasil, sendo associado a escolhas alimentares menos nutritivas. Objetivo: Descrever a ingestão de energia e nutrientes específicos entre consumidores e não consumidores de alimentos fora do lar, na Região Nordeste. Métodos: Foram analisados dados do Inquérito Nacional de Alimentação (INA, provenientes da Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF 2008-2009, em uma amostra de 11.674 indivíduos residentes na Região Nordeste, que forneceram dois registros alimentares em dias não consecutivos, com informação sobre o local de consumo dos alimentos (dentro ou fora do lar. Alimentação fora do lar foi definida como todo alimento adquirido e consumido fora de casa. Modelos de regressão linear foram desenvolvidos para avaliar a relação entre o consumo alimentar fora do lar em um dos dois dias de registro e a ingestão de energia e nutrientes, ajustados por idade, sexo e renda per capita. Resultados: O consumo de alimentos fora do lar, em pelo menos um dos dois dias de registro alimentar, foi reportado por 42% dos indivíduos. Os indivíduos que consomem alimentos fora do lar apresentaram pior ingestão de nutrientes em comparação com os que não consomem alimentos fora do lar, com maior consumo de energia, açúcar livre, gordura saturada, gordura trans e menor ingestão de proteína, ferro e fibra alimentar, independente da idade, sexo e renda (p < 0,05. Conclusão: A alimentação fora do lar no Nordeste contribuiu para uma maior ingestão de energia e uma pior ingestão de nutrientes. Assim, faz-se necessária a elaboração de políticas públicas e estratégias que favoreçam a escolha de alimentos mais saudáveis quando os indivíduos optam por se alimentar fora do lar.

  20. Mulheres candidatas: relações entre gênero, mídia e discurso Women candidates: gender, media and discourse relations

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudia Maria Finamore

    2006-09-01

    Full Text Available Tendo como pano de fundo a sobreposição das presenças da mulher e do político nas candidaturas a cargos públicos, neste artigo discutimos o peso da mídia na influência sobre a escolha dos eleitores e a posição destes como intérpretes dessas mensagens midiáticas. Assumindo um entendimento que relativiza o poder da mídia, indicamos como a idéia de discurso de (e sobre gênero pode ser compreendido como mediador dessa influência. Embora pesquisas indiquem que a presença da mulher na mídia como candidata, transformada em um produto de marketing, tendem a desqualificá-la, esses efeitos apenas acompanham o estereótipo da mulher restrita à cena privada, alimentado por um discurso social que identifica o lugar da mulher como sendo o lar, longe, portanto, do espaço público. A mídia, assim, além de sua responsabilidade pela instalação desse lugar de mulher, atua pela sua manutenção. Concluímos que a participação política das mulheres se apresenta intimamente ligada a como elas são representadas no senso comum, indicando que uma mudança da participação política feminina passaria pela mudança nos discursos hegemônicos sobre as mulheres, discursos esses que atravessam os indivíduos e os grupos sociais.On this paper we discuss, within the cross over of two representations - woman and politic function - the media's power to influence voters' choices and their roles as interpreters of media messages. Under a position that understands the relativity of the media's power, we set the idea of gender discourse as a mediator of its influence. Whereas literature shows how a candidate suffers an important effect of media exposition, transformed in a marketing product, we suggest that women in politics suffer from the stereotype that states "women's place is at home". We conclude that women politic participation is strongly linked to the way in which they are represented in the common sense and a change in the hegemonic discourses

  1. Mulher, mãe e esposa: conservadorismo católico e representações do feminino na imprensa católica mineira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diego Omar da Silveira

    Full Text Available Resumo Parece consensual que a renovação que tanto os movimentos feministas quanto os estudos de gênero proporcionaram, a partir dos anos 1960, implicou uma nova forma de escrever a história das mulheres no Ocidente, o que também se aplica, obviamente, ao Brasil. O impacto dessa renovação no seio do catolicismo continua, entretanto, uma questão em aberto, que ainda exige estudos aprofundados e uma reavaliação dos papéis – passados e presentes – de homens e mulheres no interior da Igreja. Algumas importantes pesquisas têm destacado que, diante de processos geradores de profundas transformações, a Instituição reagiu, muitas vezes, com a reafirmação de valores que, embora soassem arcaicos, eram afirmados como constitutivos da essência do catolicismo e, por isso, vistos como estáticos e imutáveis. Este artigo apresenta uma análise de um dos casos dessa reação, ao acompanhar os discursos sobre a mulher nas páginas do jornal O Arquidiocesano, Órgão Oficial da Arquidiocese de Mariana (Minas Gerais, que circulou semanalmente entre os anos de 1959 e 1988 e que, quase sempre com uma abordagem conservadora do tema, reafirmava determinados lugares sociais à mulher, com destaque para os papéis de mãe e de esposa.

  2. Diabetes gestacional na perspectiva de mulheres grávidas hospitalizadas Diabetes gestacional desde la perspectiva de mujeres embarazadas hospitalizadas Gestational diabetes from the perspective of hospitalized pregnant women

    OpenAIRE

    Márcio Flávio Moura Araújo; Sarah Maria Fraxe Pessoa; Marta Maria Coelho Damasceno; Maria Lúcia Zanetti

    2013-01-01

    Estudo qualitativo fenomenológico, que teve como objetivo compreender o significado das experiências vivenciadas por mulheres com diabetes mellitus gestacional. Participaram 12 pacientes internadas em uma maternidade de Fortaleza-CE, Brasil, que manifestaram seus sentimentos e percepções por meio de entrevista aberta e desenhos. O material empírico foi transcrito na íntegra e, posteriormente, organizado e analisado pelo método fenomenológico. Os resultados evidenciaram dois temas: (1) Vivenci...

  3. Vivências da mulher a ser mastectomizada: esclarecimentos e orientações

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jaqueline Ferreira Ventura Bittencourt

    2002-08-01

    Full Text Available Com vistas a compreender o significado que a mulher com câncer de mama atribui ao vir-a-ser-mastectomizada, fundamentei-me na abordagem fenomenológica. A análise compreensiva dos depoimentos de sete mulheres, desvelou que a carência do cuidar se insere no mundo-vida dessas mulheres, sobressaindo principalmente a carência das informações negadas, ou seja, na falta de esclarecimento e orientação, O estudo aponta para o enfoque de um cuidado, que busque contemplar a integralidade da mulher, em seus aspectos físicos, como também em seus aspectos emocionais, sociais e sobretudo no envolvimento da equipe multidisciplinar.

  4. Violência doméstica e a Lei Maria da Penha: perfil das agressões sofridas por mulheres abrigadas em unidade social de proteção

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luana Bandeira de Mello Amaral

    2016-06-01

    Ceará. Trata-se de um estudo seccional, exploratório-descritivo e documental. A amostra foi composta por 197 prontuários das mulheres atendidas em uma Unidade de Proteção Especial do Estado do Ceará entre os anos de 2001 e 2012. Os dados foram analisados através do SPSS® versão 20. As questões éticas deste estudo foram alicerçadas na Resolução n.º 466/12. O projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa (COMEPE da Universidade Federal do Ceará, por meio do protocolo nº 369.332. Os resultados apontam que as mulheres agredidas são jovens (53,5%, pardas (47,2%, sem união estável (68,0%, com baixa escolaridade (91,4%, sem renda mensal fixa (30,5%, que residem em casa própria (35,5% com familiares (13,7%, são beneficiárias de algum programa de transferência de renda (26,9% e não possuem trabalhos formais (69,1%. Os agressores são jovens (71,7%, p=0,862, desenvolvem trabalho manual (41,5%, p=0,976, consomem álcool (86,8%, p=0,814, drogas ilícitas (54,7%, p=0,249 e cigarro (54,7%, p=0,931. Após a implantação da LMP, os agressores possuem mais antecedentes criminais (58,5%, p=0,000; a agressão tem ocorrido mais de uma vez, com maior número de denúncias e número de boletim de ocorrência, sendo o uso de substâncias psicoativas (22,6%, p=0,032 ou ciúme (18,9%, p=0,032 o fator desencadeante através de força física (45,3%, p=0,619, representada em hematomas (13,2%, p=0,726 ou não deixando marcas perceptíveis (22,6%, p=0,726 localizadas na cabeça, rosto e pescoço (28,3%, p=0,031. O perfil da violência doméstica se modificou com a promulgação da Lei Maria da Penha e este cenário demanda o desenvolvimento de ações sociais e de saúde voltadas para erradicação/controle e assistência efetiva deste grave problema social e de saúde pública

  5. Bone mineral density in postmenopausal women with and without breast cancer Densidade mineral óssea em mulheres na pós-menopausa com e sem câncer de mama

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Délio Marques Conde

    2012-12-01

    Full Text Available OBJECTIVE: The values of bone mineral density (BMD were compared in postmenopausal women with and without breast cancer. METHODS: A cross-sectional study was conducted, including 51 breast cancer survivors (BCS and 71 women without breast cancer, who were non-users of hormone therapy, tamoxifen, or aromatase inhibitors. BMD T-scores and measurements in grams per centimeter squared (g/cm² were obtained at the femoral neck, trochanter, Ward's triangle, and lumbar spine. Osteopenia and osteoporosis were grouped and categorized as abnormal BMD. Unconditional logistic regression analysis was used to estimate the odds ratios (OR of abnormal BMD values as measures of association, with 95% confidence intervals (CIs, adjusting for age, years since menopause, parity, and body mass index (BMI. RESULTS: The mean age of the women with and without breast cancer was 54.7 ± 5.8 years and 58.2 ± 4.8 years (p OBJETIVO: Comparar a densidade mineral óssea (DMO de mulheres na pós-menopausa com e sem câncer de mama. MÉTODOS: Conduziu-se estudo de corte transversal, incluindo 51 mulheres com câncer de mama e 71 mulheres sem câncer de mama, não usuárias de terapia hormonal, tamoxifeno ou de inibidores da aromatase. Avaliou-se a DMO, em T-score e em gramas por centímetro quadrado (g/cm², no colo do fêmur, trocânter, triângulo de Wards e na coluna lombar. Osteopenia e osteoporose foram agrupadas e categorizadas como DMO alterada. Utilizou-se a análise de regressão logística não condicional para estimar o odds ratios (OR de DMO alterada como medida de associação, com intervalo de confiança de 95% (IC 95%, ajustando-se por idade, anos de menopausa, paridade e índice de massa corpórea (IMC. RESULTADOS: A média de idade de mulheres com e sem câncer de mama foi 54,7 ± 5,8 anos e 58,2 ± 4,8 anos (p < 0,01, respectivamente. Após ajustar por idade, paridade e IMC, DMO alterada no colo do fêmur (OR ajustado: 4,8; IC 95%: 1,5-15,4, trocânter (OR

  6. Aplicação da Lei Maria da Penha nas delegacias de mulheres: O caso do Rio de Janeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudia Abdala

    2011-10-01

    Full Text Available O artigo analisa a trajetória das queixas de violência conjugal prestadas por mulheres em cinco DEAMs do estado do Rio de Janeiro. São discutidos: o número de queixas realizadas e efetivamente transformadas em registros de ocorrência no período de 2005-2008; os diversos obstáculos encontrados pelas mulheres para tornar públicos os maus-tratos que sofrem e o impacto da sanção da Lei Maria da Penha no número de registros de ocorrência nessas delegacias. O estudo mostrou o risco que ainda hoje uma mulher corre quando decide denunciar a violência. Buscou-se também destacar o quanto à violência psicológica contra a mulher é naturalizada nas delegacias.  The article Application of the Maria da Penha Law at Police Stations for Women in Rio de Janeiro reviews the history of complaints of domestic violence reported by women in five DEAMs (special police stations for women in Rio de Janeiro state, Brazil. The study investigates the number of complaints made and effectively transformed into reports in the period 2005-2008, the various obstacles faced by women to make known the abuse they suffer and the impact of the sanctioning of the Maria da Penha Act on the number those reports. The study demonstrates the risk that women still run when they decide to report violence and the extent to which psychological abuse against women is naturalized in the police stations. Key words: domestic violence, complaints, Maria da Penha Act, Rio de Janeiro, police stations for women

  7. Menina mulher da pele preta - projeto de série televisiva que discute questões de gênero e raça ligados a mulher negra

    OpenAIRE

    Renato Candido de Lima

    2011-01-01

    Esta dissertação em mestrado consiste na construção dramatúrgica de um projeto de série televisiva que dialoga questões de gênero e raça atrelados a representação da pessoa negra no audiovisual brasileiro. \\"Menina Mulher da Pele Preta\\" é o nome desta série e ela desenvolve cinco histórias de cinco mulheres negras protagonistas de diferentes idades com suas cinco diferentes realidades sociais e contextos. Seu título dialoga com a música \\"Essa Menina Mulher da Pele Preta\\" composta pelo cant...

  8. Violence against women: theoretical reflections Violencia contra mujeres: reflexiones teóricas Violência contra mulheres: reflexões teóricas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leticia Casique Casique

    2006-12-01

    Full Text Available Violence appears in different forms and circumstances and involves distinct kinds of violent acts against children, women, elderly and other defenseless persons. This serious problem, which degrades women's integrity, is denoted by terms like domestic violence, gender violence and violence against women. Gender violence can appear as physical, psychological, sexual, economic violence, as well as violence at work. Violence against women committed by their intimate partners can be analyzed through the Ecological Model, which explains the close relation between individuals and their environment. Factors influencing people's behavior towards this violence should be analyzed with a view to establishing help programs.La violencia se manifiesta de diferentes formas, en distintas circunstancias y con diversos tipos de actos dirigidos a niños, mujeres, ancianos y otras personas indefensas. Violencia domestica, violencia de genero y violencia contra mujeres son términos utilizados para denominar este grave problema que degrada la integridad de la mujer. La violencia de género puede manifestarse a través de violencia física, violencia psicológica, violencia sexual, violencia económica y violencia en el trabajo. La violencia sufrida por la mujer por parte de su compañero íntimo puede ser analizada a través del Modelo Ecológico que explica la estrecha relación entre el individuo y su entorno. Se concluyo que es importante analizar los factores que influyen en el comportamiento de las personas frente a la violencia para establecer programas de ayuda.A violência manifesta-se de diferentes formas, em distintas circunstâncias e com diversos tipos de atos violentos dirigidos a crianças, mulheres, idosos e outros indefesos. Violência doméstica, violência de gênero e violência contra mulheres são termos utilizados para denominar este grave problema que degrada a integridade da mulher. A violência de gênero pode manifestar-se através de viol

  9. Magistratura e gênero: um olhar sobre as mulheres nas cúpulas do judiciário brasileiro

    OpenAIRE

    Fragale Filho, Roberto; Moreira, Rafaela Selem; Sciammarella, Ana Paula de O.

    2016-01-01

    Este artigo explora a questão da ascensão das mulheres na magistratura brasileira a partir do exame da existência de um possível “telhado de vidro”, que limitaria sua chegada de forma representativa à cúpula do judiciário. O estudo realiza uma análise quantitativa da representatividade feminina nas cúpulas da magistratura brasileira tanto na justiça estadual quanto na justiça federal. Os dados compilados foram analisados por segmento funcional. O texto discute, ainda, as principais questões r...

  10. Las envolventes constructivas en la construcción no convencional de edificios del nordeste argentino y el problema de los puentes térmicos.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manuel Venhaus Held

    2017-06-01

    Full Text Available Este trabajo analizó el comportamiento térmico de las envolventes de edificios en el Nordeste Argentino (NEA, cuyos sistemas constructivos emplean materiales prefabricados elaborados en serie y mano de obra especializada, atendiendo particularmente al impacto de los puentes térmicos. El objetivo fue diagnosticar y desarrollar criterios de optimización del desempeño energético de estas envolventes. Se estudiaron, para ello, los tipos y subtipos de construcciones no convencionales y se seleccionaron muestras de aquellos más empleados en el NEA. Éstas fueron evaluadas con los procedimientos de cálculo establecidos por las normas IRAM, de la serie 11.600, así como también mediante simulaciones realizadas con el software THERM. Los valores que pudieron obtenerse con ambos procedimientos presentaron discrepancias promedio del 2,6%. Con el software es posible obtener un coeficiente ponderado de transmitancia que incorpora muro opaco y puente térmico y, con la graficación del flujo de calor a través del cerramiento, reconocer fácilmente los puntos más críticos, para concentrar las acciones de optimización en ellos.  Documeto ejecutado bajo en proyecto "Rehabilitación higrotérmico-energética de edificios en el NEA: evaluación, diagnóstico, desarrollo de soluciones técnico constructivas y valoración costo-beneficio. Calificación energética de la edificación". Acreditado por la Secretaría General de Ciencia y Técnica de la Universidad Nacional del Nordeste - SGCyT-UNNE, Corrientes, Argentina. Resolución Nº 0155/2015-CS-UNNE 2015. Código del Proyecto: C001/2014.

  11. Memórias coletivas de mulheres que vivenciaram o near miss materno: necessidades de saúde e direitos humanos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudia de Azevedo Aguiar

    Full Text Available Resumo: Mulheres que vivenciaram o near miss materno podem, por meio de suas memórias coletivas, ajudar na compreensão dos eventos obstétricos graves, como a morte materna. A experiência das pessoas é autêntica e representativa do todo com a construção de uma identidade comum. É a identidade que dá qualidade à memória de um grupo. Assim, cada memória é um fenômeno social. Analisou-se a experiência de 12 mulheres que quase morreram em função do estado gravídico-puerperal. O método da história oral temática foi utilizado, na perspectiva das necessidades de saúde e direitos humanos. Seis memórias coletivas compuseram os discursos: necessidades de saúde não atendidas; deficiências assistenciais; privação do contato com o filho; violação de direitos; ausência de reivindicação dos direitos; e compensações dos direitos e necessidades não atendidos. Compreender as necessidades de saúde dessas mulheres é reconhecê-las como sujeitos de direitos; é individualizar a assistência, respeitando sua autonomia, garantindo o acesso às tecnologias e estabelecendo vínculo (aefetivo com o profissional de saúde

  12. As mulheres dirigentes do partido dos trabalhadores: perfil e desafios à participação substantiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tassia Rabelo de Pinho

    2016-07-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.5007/1806-5023.2016v13n1p65 Este artigo trata-se de um estudo de caso sobre os avanços e limites à participação política das mulheres no interior do Partido dos Trabalhadores, primeiro partido da América Latina a adotar cotas de gênero e a aprovar a paridade na composição das suas direções. A coleta de dados consistiu na aplicação de questionários aos integrantes da Direção Nacional do PT, seguida de pesquisa biográfica[1], e na análise das pesquisas de opinião realizadas pela Fundação Perseu Abramo (FPA. Realizamos ainda pesquisa no acervo Sérgio Buarque de Holanda que nos permitiu levantar a composição das direções nacionais do PT ao longo da sua história, e analisar a trajetória da participação feminina. Por fim, trabalhamos com algumas entrevistas abertas e em profundidade com mulheres dirigentes do partido[2]. [1] A pesquisa foi realizada por meio de informações básicas coletadas na Secretaria Geral do PT, e incrementadas a partir de dados do Tribunal Superior Eleitoral, sites dos políticos e páginas no Facebook. [2] Essas entrevistas foram realizadas durante a construção da minha dissertação.

  13. Acesso a cargos de autoridade: e a mulher, como vai? Um estudo sobre segregação ocupaciopnal por gênero na região metropolitana de Belo Horizonte

    OpenAIRE

    Sirlei Lopes Bastos

    2010-01-01

    A presente tese concerne o exame dos determinantes do acesso a cargos de autoridade para homens e mulheres alocados no mercado de trabalho na Região Metropolitana de Belo Horizonte a partir das abordagens da teoria do capital humano, teorias do mercado segmentado, estruturalistas e abordagens sociológicas e feministas de gênero e do patriarcado. As abordagens utilizadas oferecem suporte para as seguintes questões de pesquisa: a) O que determina a posição de homens e mulheres, comparativamente...

  14. Gênero e desejo: a inteligência estraga a mulher? Gender and desire: does intelligence damage women?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria de Lourdes Borges

    2005-12-01

    Full Text Available Neste artigo, eu analiso a idéia de que a inteligência é um atributo erótico do homem, enquanto a beleza é o que torna uma mulher atraente. Eu inicio por Immanuel Kant, filósofo do século XVIII, segundo o qual uma mulher inteligente pode despertar a admiração de um homem, mas não desejo e amor. Mais do que isso, uma mulher inteligente, mesmo que bela, perderia seu poder sobre os homens, pois a inteligência arruinaria a atratividade feminina. Eu mostro que essa visão antiga ainda está em voga atualmente. Muitos autores defendem a visão de que o que torna uma mulher atraente para um homem é a beleza, a inteligência sendo negativa ou indiferente. Alguns teóricos inclusive atribuem esse fato a uma essência natural do ser humano. Eu contesto essa visão, mostrando que a beleza tem um aspecto cultural e que não podemos falar de uma essência não-histórica do ser humano.In this paper I analyze the idea that intelligence is a male erotic attribute, while beauty is what makes woman attractive. I begin by Immanuel Kant, an 18th Century philosopher, according to whom an intelligent woman may have the admiration of men, but not their desire. More than that, an intelligent, yet beautiful woman would lose her power over men, because intelligence can ruin woman attractiveness. I show that this apparently old vision is still alive today. Many authors nowadays support the view that what makes a woman's attractive for man is beauty, intelligence being negative or indifferent for attraction. Some even assign this idea to a natural essence of man and woman. I will challenge this view, showing that beauty has a cultural aspect and that we cannot appeal to a non-historical essence of human being.

  15. Qualidade de vida e sexualidade de mulheres tratadas de câncer de mama Quality of life and sexuality of women treated for breast cancer

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Priscila Ribeiro Huguet

    2009-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar a qualidade de vida e aspectos da sexualidade de mulheres com câncer de mama segundo o tipo de cirurgia e características sociodemográficas. MÉTODOS: realizou-se um estudo de corte transversal com 110 mulheres tratadas há pelo menos um ano por câncer de mama no Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher da UNICAMP. A qualidade de vida foi avaliada por meio do questionário WHOQOL-bref e as questões sobre sexualidade, por um questionário específico, no qual se utilizou o coeficiente alpha de Cronbach para verificar validade e concordância das respostas (alpha=0,72 e a técnica de análise fatorial com critério de autovalor e rotação máxima de variância, resultando em dois componentes assim denominados: intrínseco ou intimidade (como a mulher se vê sexualmente e extrínseco ou atratividade (como a mulher acredita que os outros a veem sexualmente. As variáveis sociodemográficas foram avaliadas nos domínios do questionário da OMS e nos componentes de sexualidade por meio do teste de Kruskal-Wallis seguido pelo teste de Mann-Whitney e pela correlação de Spearman. RESULTADOS: idade, escolaridade, tipo de cirurgia e tempo desde a cirurgia não influenciaram a qualidade de vida nos domínios físico, meio ambiente, psicológico e relações sociais. Mulheres com relacionamento marital estável tiveram escores maiores nos domínios psíquico (p=0,04 e relações sociais (p=0,02. Maior nível socioeconômico influenciou a qualidade de vida nos domínios físico (p=0,01 e meio ambiente (p=0,002. Em relação à sexualidade, houve influência da idade no componente extrínseco (p=0,0158. Mulheres com relacionamento marital estável tiveram escores maiores de qualidade de vida em ambos os componentes de sexualidade. Maior escolaridade influenciou positivamente no fator intrínseco. Mulheres submetidas à quadrantectomia ou à mastectomia com reconstrução imediata apresentaram melhores escores em relação

  16. Roda de Conversa entre Mulheres: Denúncias Sobrea Lei Maria Da Penha e Descrença na Justiça

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia Santana Tavares

    2015-05-01

    Full Text Available Este artigo discute os desafios para a aplicação da Lei Maria da Penha em Salvador, Bahia, a partir do depoimento de onze mulheres em situação de violência doméstica e familiar, cujas queixas e demandas sobre a rede de atendimento foram verbalizadas em uma Roda de Conversa, realizada no Conselho de Desenvolvimento da Comunidade Negra (CNDN em 5 de junho de 2012, para subsidiar a elaboração de um dossiê a ser entregue à CPMI da Violência, durante suas diligências na Bahia. As mulheres consideram o atendimento insatisfatório, tanto nas DEAMs como na Vara, no Ministério Público, no IML e até no Disque 190, uma vez que suas demandas não são atendidas. Sentem-se desprotegidas, humilhadas, desrespeitadas e reféns das situações de violência que as levam a peregrinar por estas instituições

  17. Adequação do conhecimento sobre métodos anticoncepcionais entre mulheres de Campinas, São Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Espejo Ximena

    2003-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Realizou-se uma análise de dados secundários para avaliar a adequação do conhecimento sobre métodos anticoncepcionais e sua associação com características socioeconômicas e demográficas. MÉTODO: Foi estudada uma amostra de 472 mulheres da Cidade de Campinas, Estado de São Paulo. Aplicou-se o teste qui-quadrado para avaliar diferenças entre as variáveis, e realizou-se análise múltipla por regressão logística para identificar as variáveis independentes associadas à adequação do conhecimento (medida através de um escore. RESULTADOS: Pouco menos da metade das mulheres alcançou um escore de conhecimento dos métodos anticoncepcionais maior que seis, classificado como adequado. A maior escolaridade e a melhor classificação de estrato socioeconômico associaram-se a um maior escore de conhecimento. CONCLUSÃO: Os resultados apontam a necessidade de maiores investimentos na educação das mulheres de modo geral e, especificamente, quanto à contracepção. Ao mesmo tempo, é necessário que os profissionais que trabalham nos serviços públicos de saúde estejam capacitados para proverem acesso aos métodos e à informação adequada sobre eles.

  18. Adequação do conhecimento sobre métodos anticoncepcionais entre mulheres de Campinas, São Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ximena Espejo

    2003-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Realizou-se uma análise de dados secundários para avaliar a adequação do conhecimento sobre métodos anticoncepcionais e sua associação com características socioeconômicas e demográficas. MÉTODO: Foi estudada uma amostra de 472 mulheres da Cidade de Campinas, Estado de São Paulo. Aplicou-se o teste qui-quadrado para avaliar diferenças entre as variáveis, e realizou-se análise múltipla por regressão logística para identificar as variáveis independentes associadas à adequação do conhecimento (medida através de um escore. RESULTADOS: Pouco menos da metade das mulheres alcançou um escore de conhecimento dos métodos anticoncepcionais maior que seis, classificado como adequado. A maior escolaridade e a melhor classificação de estrato socioeconômico associaram-se a um maior escore de conhecimento. CONCLUSÃO: Os resultados apontam a necessidade de maiores investimentos na educação das mulheres de modo geral e, especificamente, quanto à contracepção. Ao mesmo tempo, é necessário que os profissionais que trabalham nos serviços públicos de saúde estejam capacitados para proverem acesso aos métodos e à informação adequada sobre eles.

  19. Práticas discursivas e modos de subjetivação de mulheres beneficiárias do Programa Bolsa Família (PBF) em contextos rurais. O caso da Zona da Mata Pernambucana

    OpenAIRE

    MUNOZ, Claudio Baradit

    2016-01-01

    O presente estudo tem por objetivo analisar as práticas discursivas que constituem os modos de subjetivação de mulheres beneficiárias do Programa Bolsa Família (PBF) em contexto rural. Para isto será estudado o caso da Zona da Mata de Pernambuco. A metodologia qualitativa consiste na análise crítica do discurso. Os dados foram obtidos através de entrevistas semiestruturadas de seis mulheres. A fundamentação teórica é baseada no enfoque da governamentalidade, nas críticas feministas ao PBF e n...

  20. Características sócio-demográficas, reprodutivas e médicas de mulheres admitidas por aborto em hospital da Região Sul do Brasil Socio-demographic, reproductive, and clinical characteristics of abortion patients hospitalized in southern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Walter Fonseca

    1998-04-01

    Full Text Available No Brasil, a indução do aborto é legalmente permitida somente quando necessária para salvar a vida da mulher ou quando a concepção ocorreu de estupro. Apesar das restrições legais, morais e religiosas, a indução do aborto é amplamente praticada. Com o objetivo de identificar as características do aborto incompleto nas mulheres admitidas na maternidade pública de Florianópolis, foram entrevistadas 620 mulheres, entre 1º de julho de 1993 e 30 de junho de 1994. Com base em dados coletados por meio de questionário estruturado, são apresentadas características sócio-demográficas, reprodutivas e médicas dos abortos, classificados como certamente provocados, possivelmente provocados e espontâneos. Entre os 141 casos de aborto provocado, cerca de 50% das mulheres reportaram uso isolado do Cytotec® (misoprostol, ou deste associado a outro método abortivo. Os resultados revelam que na população estudada a indução do aborto é prática comum entre mulheres jovens, solteiras ou sem parceiro estável, de bom nível de escolaridade e não usuárias de métodos anticonceptivos. Foi também registrada uma redução do número de complicações graves relacionadas ao aborto provocado admitido ao hospital.In Brazil, induced abortion is legally allowed only when necessary to save the woman's life or when pregnancy follows rape. Despite this legal constraint, induced abortion is widespread. This study presents findings from 620 cases of incomplete abortion admitted to a major obstetric hospital in Florianópolis, Brazil, between July 1, 1993, and June 30, 1994. Almost one quarter (141 of the abortion cases were induced. About 50% of the latter patients reported having induced abortion with misoprostol alone or with other methods. Most of the women with induced abortions were young and single (or living without a stable partner, had primary schooling, and were not using any contraceptive method at the time of conception. Among the women

  1. Senhores de engenho e inovação tecnológica: Caso do Nordeste Brasileiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria da Guia Santos-Gareis

    2014-06-01

    Full Text Available O trabalho enfoca a problemática da inovação tecnológica na economia do açúcar no Nordeste brasileiro no século XIX. Com esse objetivo o texto investiga os aspectos que influenciaram os senhores de engenho do Nordeste a terem certa resistência à inovação tecnológica. Alguns senhores de engenho investiram em modernização tecnológica, contudo, percebe-se que essa modernização não trouxe mudanças para a estrutura das relações de trabalho, o que leva a elite agrária a permanecer com o poder econômico, político e social.

  2. Stressors in attempted suicide by poisoning: a sex comparison Estressores na tentativa de suicídio por envenenamento: uma comparação entre os sexos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Cláudia da Cruz Pires

    2012-01-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To identify stressors in attempted suicide by poisoning and to analyze differences between men and women. METHOD: This quantitative, comparative, cross-sectional study evaluated 110 patients aged between 14 and 78 years. The following instruments used were: standardized Mini International Neuropsychiatric Interview (MINI version 5.0.0 and an interview form specifically designed for the study. RESULTS: 70% of the suicide attempters were female; mean age was 28.1 years; 98.2% presented at least one psychiatric disorder. Among the stressors assessed, significant differences were observed between men and women for: not having a spouse, 72.7% among men and 54.5% among women; attempted suicide planning, 66.7% among men and 46.8% among women; being under the influence of alcohol during the attempted suicide, 51.5% among men and 26.0% among women; harmful use of alcohol, 42.4% in men and 22.1% in women; sexual abuse, 22.1% in women and 6.1% in men. CONCLUSIONS: Women presented a three times higher number of attempted suicides by poisoning. The identification of stressors with significant differences between sexes in the high-risk population here described can help define and organize strategies aimed at suicide prevention. Similar studies should be conducted in the general population.OBJETIVOS: Identificar estressores na tentativa de suicídio por envenenamento e analisar diferenças entre homens e mulheres. MÉTODO: Estudo quantitativo, transversal e comparativo que avaliou 110 pacientes, com idades entre 14 e 78 anos. Os instrumentos de avaliação utilizados foram: entrevista padronizada Mini International Neuropsychiatric Interview (MINI, versão 5.0.0, e formulário de entrevista desenvolvido especificamente para o estudo. RESULTADOS: 70% dos pacientes eram mulheres; a idade média foi de 28,1 anos; 98,2% apresentavam pelo menos um transtorno psiquiátrico. Dentre os estressores avaliados, foram observadas diferenças significativas

  3. Racial inequalities in access to women's health care in southern Brazil Desigualdades raciais no acesso à saúde da mulher no Sul do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Souza de Bairros

    2011-12-01

    Full Text Available The aim of this population-based cross-sectional study was to investigate access by 20 to 60 year-old women - both black and white - to early detection (pap-smear exams for breast and cervical cancer in two towns - São Leopoldo and Pelotas - in Rio Grande do Sul State, southern Brazil. Estimates of the association between race/color and access to pap-smear and breast exams were adjusted for income, education, economic class and age. Of the 2,030 women interviewed, 16.1% were black and 83.9%, white. Black women were significantly less likely to have had a pap-smear and/or breast exam than white women. Racial inequalities in access to cancer early detection exams persisted after controlling for age and other socioeconomic factors. Racial differentials in access to early detection (pap-smear exams for breast and cervical cancers might result from racial and socioeconomic inequalities experienced by black women in access to reproductive health care services and programs.O objetivo da pesquisa foi investigar o acesso de mulheres negras e brancas aos exames de detecção precoce de câncer de mama e colo de útero (citopatológico, em duas cidades no Sul do Brasil. Foi realizado um estudo transversal de base populacional realizado com mulheres de 20-60 anos, residentes em São Leopoldo e Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil. As análises foram ajustadas por renda, escolaridade, classe econômica e idade para verificar a associação entre raça/cor e acesso aos exames. Foram entrevistadas 2.030 mulheres, sendo que 16,1% eram negras e 83,9% brancas. A probabilidade das mulheres não realizarem os exames citopatológico e de mama foi significantemente maior nas negras. A desigualdade racial no acesso aos exames de detecção precoce de câncer persistiu após controle para idade e variáveis socioeconômicas. O diferencial na realização dos exames de detecção precoce pode ser um reflexo das desigualdades raciais e socioeconômicas vividas por

  4. A atuação feminina nos Conselhos da Mulher: um estudo dos Conselhos de Pelotas e de Santa Cruz do Sul/RS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosangela Marione Schulz

    2013-12-01

    Full Text Available O artigo tem como proposta refletir sobre a atuação feminina em Conselhos Municipais da Mulher. A primeira parte apresenta uma concisa revisão da literatura que discute a legitimidade da representação dos atores presentes nos fóruns de deliberação de políticas públicas no Brasil; a segunda parte inicia com breve apresentação da pesquisa que investigou os Conselhos da Mulher de dois municípios do estado do Rio Grande do Sul, seguida dos dados resultantes do questionário aplicado às conselheiras; por fim, algumas considerações são apresentadas visando configurar o perfil das conselheiras e de pensar os dados à luz da discussão sobre legitimidade da representação.

  5. Prevalência de hipertensão arterial sistêmica e fatores associados em homens e mulheres residentes em municípios da Amazônia Legal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elcimary Cristina Silva

    2016-03-01

    Full Text Available RESUMO: Introdução: A hipertensão arterial sistêmica é um importante problema de saúde pública devido à sua alta prevalência, baixas taxas de controle e causa de morbidade e mortalidade cardiovascular. Objetivo: Analisar a prevalência de hipertensão arterial sistêmica e fatores associados em homens e mulheres residentes em municípios da Amazônia Legal. Métodos: No estudo transversal de base populacional conduzido com 1.296 adultos de ambos os sexos foram coletados dados sociodemográficos, estilo de vida, antropométricos e pressão arterial, sendo considerados hipertensos os que apresentaram pressão arterial ≥ 140/90 mmHg e/ou os que referiram uso de drogas anti-hipertensivas. As análises estatísticas foram feitas no módulo survey do programa Stata versão 11.0. Resultados: A prevalência da hipertensão arterial sistêmica foi de 22,3%. Após ajustes, as variáveis que se associaram à hipertensão nos homens foram a idade de 30 a 39 anos (RP ajustada = 2,69; IC95% 1,49 - 4,86, 40 a 49 anos (RP ajustada = 3,28; IC95% 1,82 - 5,93 e 50 a 59 anos (RP ajustada = 4,80; IC95% 2,63 - 8,76, sobrepeso (RP ajustada = 1,97; IC95% 1,39 - 2,78, obesidade (RP ajustada = 3,32; IC95% 2,32 - 4,75 e ser natural da região Norte ou Nordeste (RP ajustada = 0,31; IC95% 0,18 - 0,59. Entre as mulheres, associaram à hipertensão a idade de 40 a 49 anos (RP ajustada = 3,41; IC95% 1,91 - 6,07 e 50 a 59 anos (RP ajustada = 7,29; IC95% 4,07 - 13,07; o consumo de vinho (RP ajustada = 0,31; IC95% 0,10 - 0,97 e obesidade (RP ajustada = 2,39; IC95% 1,65 - 3,45. Conclusão: A hipertensão arterial associou-se independentemente com a idade, estado nutricional e naturalidade nos homens. E nas mulheres com a idade, estado nutricional e tipo de bebida alcoólica.

  6. Improvements in launchings and recipients of PIG in Malha de Gasodutos Nordeste Meridional; Melhorias nos lancamentos e recebedores de PIG da Malha de Gasodutos Nordeste Meridional

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Maciel, Jairo A.C.; Lemos, Francisco A.C.; Lima, Artur W.R. de S. [PETROBRAS Transporte S.A. (TRANSPETRO), Rio de Janeiro, RJ (Brazil)

    2012-07-01

    This paper describes the study that resulted in the preparation of a project for improvement of launchers and receivers of PIG in facilities maintained and operated by PETROBRAS S.A. (TRANSPETRO) in the Malha de Gasodutos Nordeste Meridional (Malha NEM). The improvements are part of the component in cleaner production system and reduce the risks of accidents and the costs of hazardous waste management.

  7. Valores que motivam mulheres de baixa renda a comprar produtos de beleza.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luís Alexandre Grubits de Paula Pessôa

    2013-02-01

    Full Text Available O artigo tem como objetivo identificar valores individuais que motivam mulheres de baixa renda, mesmo vivendo com severas limitações financeiras, a comprar produtos de beleza, que poderiam, à primeira vista, ser considerados itens supérfluos. O modelo de cadeia meios-fim de Gutman (1982 e os tipos de valores de Rokeach (1973 e Floch (1990 constituíram sua base conceitual. Foram conduzidas entrevistas em profundidade, empregando a técnica laddering (REYNOLD; GUTMAN, 1988, com 17 mulheres de baixa renda residentes na cidade do Rio de Janeiro. As entrevistas também foram interpretadas com o auxílio de análises de conteúdo e de discurso. Os resultados trazem evidências de que, com o uso de produtos de beleza, as consumidoras de baixa renda buscam elevar sua autoestima, constantemente abalada pelas restrições financeiras, que as coloca em permanente situação de desvantagem. Também buscam, por meio da beleza, obter respeito de classes sociais hierarquicamente superiores, já que a aparência parece ser uma maneira eficaz para diminuir sua percepção de discriminação por serem pobres. As entrevistadas mostraram-se muito conscientes de suas limitações orçamentárias para aquisição de produtos de beleza, comprando apenas o que podem pagar. A marca dos produtos selecionados para compra surgiu como fator importante em suas escolhas, não para obter status, mas como garantia da qualidade dos produtos. Este trabalho buscou ampliar o conhecimento sobre o comportamento de consumo dos grupos sociais na base da pirâmide, examinando questões ainda pouco exploradas, como valores de sua subcultura. Sob a perspectiva gerencial, esta pesquisa propõe contribuições para a gestão do composto de marketing de empresas que pretendam atuar nesse mercado.

  8. Marcas psicológicas da violência doméstica: análise de histórias de vida de mulheres de comunidades populares urbanas = Psychological scars of domestic violence: analyses of life stories of women from urban communities

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Oliveira, Michele Morais

    2009-01-01

    Full Text Available A violência doméstica é um grave problema social e pode ser considerada como oriunda da inabilidade e despreparo de determinados membros familiares em manejar conflitos cotidianos, sendo, também, um desafio para o Estado prover a proteção social das mulheres, apesar da existência da Lei Maria da Penha. Nesse sentido, buscou-se analisar histórias de vida de mulheres de baixa renda com relação às vivências da violência doméstica. A amostra foi constituída por vinte e oito mulheres participantes do Programa CooperAção Social. A abordagem qualitativa foi escolhida como perspectiva metodológica. O questionário fundamentado em um roteiro semiestruturado e a história de vida foram utilizados como técnicas de coleta de dados. Os dados foram categorizados tematicamente e submetidos à análise de conteúdo. Os resultados demonstraram ações e condutas agressivas circunscritas nas histórias de vida das mulheres pesquisadas. Acredita-se que essa situação será superada somente por meio de ações conjuntas entre sociedade e Estado que possibilitem mudanças profundas nas relações de gênero. Nesse sentido, é necessário mudar as relações que as mulheres vivenciam, com o uso da informação e dos recursos, proporcionando-lhes reconhecimento também no campo social e do trabalho, com vistas à superação da condição de exclusão e violência em que se encontram

  9. Nos caminhos para o Nordeste: reflexões sobre os impactos diretos e indiretos da migração de retorno no período recente

    OpenAIRE

    Ricardo Ojima; Tiago Carlos Lima do Nascimento

    2015-01-01

    Analizou-se as recentes mudanças nos fluxos migratórios no Brasil, mais especificamente, a crescente importância da migração de retorno e os seus efeitos indiretos para o Nordeste brasileiro. A partir dos dados censitários recentes, observou-se a importância dos fluxos de retorno migratório para o Nordeste e como os membros dessas famílias de pessoas retornadas (i.e. seus efeitos indiretos) contribuem para os fluxos migratórios em direção ao Nordeste. Assim, esta análise permite reconhecer os...

  10. ASSOCIAÇÃO ENTRE O ÍNDICE DE ADIPOSIDADE CORPORAL (IAC E ÍNDICE DE MASSA CORPORAL (IMC EM MULHERES PRATICANTES DE TREINAMENTO RESISTIDO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    William Cordeiro de Souza

    2014-04-01

    Full Text Available O presente estudo buscou como objetivo realizar uma relação entre o índice de adiposidade corporal (IAC e índice de massa corporal (IMC em mulheres praticantes de treinamento resistido. A mostra foi composta por 14 mulheres (idade: 27 ± 3.96 anos praticantes de treinamento resistido (3 a 5 dias por semana. Foram avaliados o peso e a estatura para obtenção de IMC e circunferência do quadril (CQ na determinação do índice de adiposidade corporal. Na análise dos dados foi utilizada à estatística descritiva: Média, desvio padrão (dp, frequência percentual (% e o fator de correlação de Pearson (r com nível de significância de 0,05. Nos resultados obtidos observou-se que no IMC todas as avaliadas estão dentro dos padrões estabelecidos (eutroficas. Com relação ao IAC, 28.57% (n=4 das mulheres avaliadas estão dentro do padrão “Ideal”, 42.87% (n=6 com seu percentual “Moderado” e 28.57% (n= 4 com “Excesso de gordura”. Quanto à circunferência do quadril foi verificado que as todas as avaliadas (n=14 estão com dentro dos padrões recomendo. Não foram encontradas correlações entre IMC e IAC (r =0,392 e p =0,164, nem entre IMC e CQ (r =0,272 e p =0,345. Ao finalizar o estudo foi verificado que não houve diferenças significativas entre IMC e IAC; nem para o IMC com a CQ.

  11. TENTATIVA DE SUICÍDIO EM MULHERES POR QUEIMADURAS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jamile de Souza Pacheco

    2010-01-01

    Full Text Available Las quemaduras son lesiones potencialmente graves, pues además de tener altos niveles de morbilidad y mortalidad, pueden acarrear secuelas psicológicas y sociales. El objetivo de este estudio fue identificar los casos de intento de suicidio debido a quemaduras ocurridas en mujeres, en un Centro de Tratamiento de Quemados; describir el perfil social — económico de esas mujeres y evaluar los factores relacionados a la tentativa de suicidio debida a quemaduras en mujeres. El enfoque metodológico de este estudio es de investigación, de tipo cualitativo y prospectivo. Se utilizó como técnica para la recogida de los datos, el cuestionario, así como un plan de entrevista, realizados a cuatro mujeres en el Centro de Tratamiento de Quemados (CTQ del hospital en estudio. El grupo de edad más afectado fue de adolescentes y adultas jóvenes, que no tenían unión estable. Se indicaron como motivos de la tentativa de suicidio la depresión, los conflictos conyugales y el luto. La tentativa de suicidio es un acto que es más cometido por mujeres, porque son consideradas más vulnerables, son más propensas a tomar tal decisión.

  12. O acesso da mulher trabalhadora à justiça do trabalho do Rio Grande do Sul (1941-1946 = The access of women workers to the labour court of Rio Grande do Sul (1941-1946

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Schneider, Giselda Siqueira da Silva

    2014-01-01

    Full Text Available A pesquisa tem por objetivo verificar acerca do acesso da mulher trabalhadora à Justiça do Trabalho do Rio Grande do Sul, no recorte temporal 1941-1946. O estudo realizou-se no Memorial da Justiça do Trabalho da 4ª Região, na cidade de Porto Alegre, a quem coube a guarda dos processos judiciais preservados e utilizados como fontes primárias. Considerando a legislação protetiva em relação ao trabalho da mulher no Brasil entre 1930 a 1945, entre outros direitos, como o direito ao voto em 1932, quer-se verificar sobre a relação da mulher trabalhadora em busca de direitos a essa instância judicial, num período onde havia muito preconceito e discriminação em relação à própria mulher e ao trabalho feminino. Assim, a luz da historiografia, mais especificamente com o campo de estudo da história das mulheres, quer-se compreender sobre a mulher trabalhadora dentro da perspectiva de que tais mulheres sempre tiveram atuação política, participando da esfera pública, de acordo com as possibilidades encontradas em cada período. Ademais, a pesquisa em tais fontes pretende também, demonstrar o valor histórico dos documentos, no presente caso, dos processos judiciais, aliado à pesquisa e à revisão bibliográfica, visando compreender um pouco mais, do universo das mulheres trabalhadoras rio-grandenses no período e a possível relação da Justiça do Trabalho no tocante à promoção e efetividade dos direitos sociais

  13. Concepções de gênero entre homens e mulheres de baixa renda e escolaridade acerca da violência contra a mulher, São Paulo, Brasil Gender conceptions related to violence against women among men and women of low income and low educational level, Sao Paulo, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia Thereza Couto

    2006-01-01

    Full Text Available O trabalho aborda como homens e mulheres de baixa renda e escolaridade, da cidade de São Paulo, Brasil, pensam suas relações afetivo-familiares e os diferentes contextos de violência que vivenciam. Trata-se de estudo qualitativo, utilizando grupos focais, com vistas a subsidiar estudo mais global acerca de violência contra a mulher e saúde. Foram realizados quatro grupos focais (dois com mulheres e dois com homens, na faixa etária de 25 a 35 anos, abordando as representações, livres e instigadas por ditos populares, de: homem e mulher ideais; as relações afetivo- sexuais e familiares; os concretamente vividos; e a violência doméstica. Usa-se a análise temática. Os resultados apontam para cisões entre atributos físicos e condutas morais na mulher ideal referida pelos homens, já aquela referida pelas mulheres define uma autonomia controlada. Os homens tiveram dificuldades em definir o homem ideal, já para as mulheres o ideal é o homem-família. Quanto à violência, é em princípio sempre condenável. É tolerável e instintiva para homens; e fatalidade ou destino, pela natureza masculina, para mulheres, tornando-se evento natural e trivial dos cotidianos de ambos. O referencial de gênero permite compreensão da violência como ocorrência comum, mas de sentidos diferentes entre gêneros.This article discusses how men and women of low income and educational level, living in São Paulo City, think their affective and familiar relationships and the different violent contexts they live in. It consists of a qualitative study, based on focus groups and subsiding a more global study on violence against women and health. It has been conducted four groups (two with men and two with women, aging 25 to 35 years broaching, free and instigated by popular sayings, conceptions on: the ideal man and woman, concretely experienced sexual affective and familiar relationships and on domestic violence. Thematic analysis was used. The results

  14. O conceito de região em três registros. Exemplificando com o Nordeste brasileiro Le concept de région dans trois registres. L’exemple du Nordeste brésilien The concept of region in three registries, exemples from the Brazilian Northeast

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José William Vesentini

    2012-03-01

    Full Text Available Este ensaio é uma reflexão sobre regionalização que utiliza como exemplo o Nordeste do Brasil. Ele compara regionalização em geografia com periodização em história e mostra que em ambos os procedimentos existem elementos objetivos e subjetivos. Faz ainda um resumo crítico das três principais concepções sobre a região Nordeste: uma tradicional, centrada na análise das paisagens; outra moderna, preocupada com a divisão territorial do trabalho; e a terceira pós-moderna e que enfatiza a invenção dessa região – por determinados políticos, intelectuais e pela mídia – a partir dos anos 1920. No final há um balanço que mostra os prós e contras de cada uma dessas concepções regionais.Cet essai est une réflexion sur la régionalisation qui utilise comme un exemple le Nord-est du Brésil. Il compare la régionalisation en géographie avec la périodisation en histoire et démontre que dans les deux procédures il y a des éléments objectifs et subjectifs. En plus, il fait un résumé critique des trois conceptions principales sur la région du Nord-est: une conception traditionnel mettant l'accent sur l'analyse des paysages; une autre, moderne, préoccupé de la division territoriale du travail; et la troisième conception qui est post-moderne, mettant l'accent sur l'invention de cette région – par certains politiques, des intellectuels et la média – depuis les années 1920. A la fin de l’article, il y a un bilan qui affiche les pours et les contres de chacune de ces conceptions régionales.This essay is a reflection on regionalization which makes use of Northeast Brazil as an example. It compares the regionalization in geography with periodization in history showing that, in both procedures, there are subjective and objective elements. It also contains a critical summary of three main conceptions concerning the Northeast region: one of them is traditional and focus on the landscape; the other one is modern and its

  15. Depression in climacteric women: analysis of a sample receiving care at a university hospital in Maranhão, Brazil

    OpenAIRE

    Silva, Mari-Nilva Maia da; Brito, Luciane Maria Oliveira; Chein, Maria Bethânia da Costa; Brito, Luiz Gustavo Oliveira; Navarro, Paula Andréa de Albuquerque Salles

    2008-01-01

    Introdução: O climatério, período de transição entre a fase reprodutiva e não-reprodutiva, ocasiona mudanças biopsicossociais nas mulheres que o vivenciam. A associação entre a maior prevalência de depressão nesse período é, no entanto, ainda controversa. O objetivo deste estudo foi avaliar a prevalência de depressão em mulheres climatéricas atendidas em um hospital universitário numa cidade da Região Nordeste do Brasil e identificar fatores associados. Método: Foi realizado um estudo prospec...

  16. Violência contra a mulher, coesão familiar e drogas Violence against women, family cohesion and drugs

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Moreira Rabello

    2007-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a associação entre coesão, adaptabilidade e risco mental familiar com violência física contra a mulher e uso de drogas. MÉTODOS: Estudo tipo caso-controle pareado realizado entre 2004 e 2005 na cidade de João Pessoa, Paraíba. A amostra foi constituída por 260 mulheres, divididas em 130 agredidas e 130 não agredidas. O grupo caso foi constituído de mulheres que prestaram queixa por agressão física doméstica na Delegacia Especializada da Mulher. O grupo controle foi pareado com mulheres vizinhas de bairro das vítimas queixosas na Delegacia. A coesão, a adaptabilidade e o risco mental foram avaliados pela escala Family Adaptability and Cohesion Evaluation Scales. Na análise estatística, foram utilizados os testes qui-quadrado e Exato de Fisher, com nível de significância de 5%. RESULTADOS: Os dois grupos se comportaram de forma diferente em relação ao risco mental e coesão, mas semelhantes quanto à adaptabilidade familiar (p=0,0917. As mulheres agredidas apresentaram risco mental alto (43,1% e médio (39,2%, diferentemente das não agredidas (p=0,0016, que apresentaram médio risco (55,4%. Houve diferença significativa entre os dois grupos para o uso de drogas, com consumo maior nas famílias das mulheres agredidas (90,8% do que das não agredidas (56,9%. A droga mais utilizada foi o álcool, sendo o mais alto fator de risco para a agressão, quando consumido diariamente (OR=37,33 ou associado a outra droga (OR=29,56. CONCLUSÕES: O desequilíbrio pela falta de união entre a família e o uso de drogas altera decisivamente no funcionamento familiar, podendo gerar conflitos e agressões domésticas.OBJECTIVE: To evaluate the association between cohesion, adaptability and mental risk in families, physical violence against women and the use of drugs. METHODS: Data for this paired case-control study was collected in 2004 and 2005 in the city of Joao Pessoa, in Northeastern Brazil. The sample included 260 women

  17. Consumo de suplementos nutricionais por frequentadores de academias da cidade de Porto Alegre

    OpenAIRE

    Fayh, Ana Paula Trussardi; Silva, Cláudia Villela da; Jesus, Flávia Roanna Dotto de; Costa, Gabriela Kerpel

    2013-01-01

    O objetivo do estudo foi verificar a prevalência do uso de suplementos alimentares nas academias da cidade de Porto Alegre. Foram entrevistados 316 indivíduos com idade entre 18-59 anos. A abordagem foi por voluntariedade, em 22 academias da cidade. Observou-se um expressivo uso de suplementos nutricionais pelos participantes (28,8%), e os homens utilizam mais suplementos do que as mulheres (p

  18. Prevenção da violência conjugal contra a mulher Prevention of conjugal violence against women

    OpenAIRE

    Mara Aparecida Alves Cabral

    1999-01-01

    Este trabalho visa a realizar uma revisão bibliográfica da literatura médica, psicológica, psiquiátrica e sociológica, concernente ao combate à violência conjugal contra a mulher. Analisa criticamente as medidas preventivas propostas em países com alto índice de desenvolvimento humano, como é o caso do Canadá e da França, tomando por base a aplicabilidade e eficácia dessas medidas. Compara esta aplicação com o que é realizado no Brasil neste momento. Levanta a bibliografia, principalmente des...

  19. Posicionamentos críticos e éticos sobre a violência contra as mulheres Critical and ethical positions about the violence against women

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Benedito Medrado Dantas

    2008-01-01

    Full Text Available Neste texto realizamos um exercício teórico estudando a situação de homens que cometem violência contra mulheres. Buscando pesquisar como as pessoas se posicionam e são posicionadas em práticas de poder e jogos de verdade, pressupomos ser imprescindível compreender os recursos discursivos e não-discursivos que instauram, constroem e mantêm uma prática, no caso a de violência às mulheres. Colocamos em discussão a atenção dada aos homens autores de violência nas diretrizes governamentais, dando ênfase a Lei Maria da Penha, concluindo que temos em jogo duas direções de análises e intervenções que se imbricam: por um lado, discussões e manifestações que incluem homens e mulheres, difundindo críticas ao modelo hegemônico sexista, por meio de produções artísticas, jornalísticas, publicitárias, conferências, pesquisas etc.; por outro lado, ações de mobilização voltadas para os "agentes sociais" que já atuam nas situações de violência contra a mulher para que mudem a perspectiva de suas intervenções, dando também atenção aos homens.In this text, we performed a theoretical exercise by focusing our analysis on the men who commit violence against women. In order to understand how people situate themselves and are situated within empowerment practices and truth games, we think that is absolutely essential to comprehend the narrative and the non-narrative resources that install, create and maintain any given practice, such as the violence against women. The goal of the study is to discuss the attention paid to the men who commit violence considering the government policies with special emphasis to the "Maria da Penha" Law. We concluded that there are two directions of analyses and interventions that are interconnected, such as: on one hand, there are forums and demonstrations that involve men and women spreading criticisms to the hegemonic sexist model through artistic, media, publicity, conferences, research

  20. Homens, gênero e violência contra a mulher Men, gender and violence against women

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Costa Lima

    2008-06-01

    Full Text Available Considerando o compromisso do Estado brasileiro de coibir e prevenir a violência contra a mulher, firmado em várias conferências internacionais e tendo em vista a promulgação da Lei 11.340/06 - a Lei Maria da Penha -, este artigo tem como objetivo realizar uma reflexão sobre a incorporação dos homens e da perspectiva de gênero nos esforços de prevenção e atenção à violência contra as mulheres. Apesar do crescente interesse da literatura científica e da intervenção em saúde com o envolvimento dos homens, em especial, no campo dos direitos sexuais e reprodutivos, comparativamente, reflexões e intervenções com homens autores de violência contra a mulher têm recebido bem menos atenção de órgãos governamentais, não-governamentais e pela academia. O artigo apresenta alguns conceitos e dados sobre a violência contra as mulheres e descreve um panorama sobre a conexão entre gênero, saúde e masculinidades; analisa trabalhos que abordam os temas homens e violência contra as mulheres e apresenta algumas ações voltadas à prevenção dessa forma de violência junto à população masculina; e por fim tece algumas considerações finais sobre o tema.Considering the commitment made by the Brazilian Government to restrain and prevent violence against women, signed in various international conferences, and in view of the promulgation of the Law 11.340/06 - Lei Maria da Penha -, this article intends to develop a reflection on the incorporation of men and of the gender perspective in efforts to prevent and attend to violence against women. Despite the increasing interest of scientific literature and health intervention in the involvement of men, especially in the field of sexual and reproductive rights, comparatively, reflections and interventions directed at men who have committed violence against women have received far less attention from governmental and non-governmental institutions, and from the academy. The article

  1. Avaliação da qualidade de vida em mulheres com cancro da mama: Estudo exploratório com 55 mulheres angolanas

    OpenAIRE

    Duarte, Ilda da Conceição Afonso Sebastião

    2013-01-01

    Dissertação de Mestrado em Psicologia da Saúde apresentada ao ISPA - Instituto Universitário Objetivo: Avaliar a QDV das mulheres angolanas, diagnosticadas com cancro da mama, tratadas no Centro Nacional de Oncologia (CNO)/Luanda e identificar o papel das variáveis sociodemográficas e clínicas, uma vez que as causas da observância desproporcional da morbimortalidade entre mulheres brancas e negras com essa doença, ainda não estão bem definidas, e as desvantagens apontadas na li...

  2. Duzu-Querença, Salinda e Luamanda: uma representação da violência contra a mulher em Olhos D’água, de Conceição Evaristo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciane de Lima Paim

    2017-07-01

    Full Text Available Olhos D’água é um livro de contos, vencedor do prêmio Jabuti, nessa categoria, em 2015, escrito por Conceição Evaristo. Nessa obra, a autora sacramenta, com uma linguagem sutil e poética, a pluralidade da existência humana. Em Olhos D’água, Conceição Evaristo ajusta o foco de seu interesse na população afro-brasileira abordando, sem meias palavras, a pobreza e a violência urbana que a acometem. O objetivo principal desse trabalho é analisar a forma como a autora representa a violência contra a mulher e as diversas formas de violências que as personagens femininas sofrem ao longo das narrativas. Como a obra escolhida é composta por 15 contos, com um vasto elenco de personagens femininas, nesse estudo, nos detemos em analisar apenas as personagens de Duzu-Querença, Salinda e Luamanda. Metodologicamente, analisamos excertos da obra, nos quais é mencionado como essas mulheres são vítimas de alguma forma de violência.

  3. Uma análise da pobreza multidimensional do Nordeste metropolitano com uso de modelo de equações estruturais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lucilena Ferraz Castanheira Corrêa

    2015-08-01

    Full Text Available ResumoA pobreza é um fenômeno social altamente complexo e a problemática desse estágio de privação é constituída pela agregação de vários fatores sociais. Diante dessa perspectiva, quanto mais informação for sendo incorporada aos estudos que envolvem esse estágio de privação, mais preciso será o diagnóstico dessa realidade. Este artigo utiliza como instrumento analítico o método de Modelagem de Equações Estruturais (MEE, empregando microdados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD de 2009, com foco nas regiões metropolitanas do Nordeste: Fortaleza, Recife e Salvador. Foram definidas quatro dimensões da pobreza (capacidade, bem-estar econômico, inclusão econômica e inclusão por meio das condições de moradia, em que é efetuada análise de correlação. No segundo momento, essas dimensões passam a ser analisadas sob a ótica dos seus impactos sobre a pobreza. Os resultados desse estudo reforçam a existência multidimensional das características desse estado de privação social e econômica já apontada por outros trabalhos a partir de uma modelagem mais adequada ao arcabouço teórico.

  4. Diferenciais entre homens e mulheres na mortalidade evitável no Brasil (1983-2005 Gender differences in avoidable mortality in Brazil (1983-2005

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daisy Maria Xavier de Abreu

    2009-12-01

    Full Text Available O objetivo do estudo foi analisar a mortalidade de homens e mulheres em municípios brasileiros entre 1983 e 2005, segundo três grupamentos de causas de morte evitáveis: evitáveis por diagnóstico e tratamento precoce, evitáveis por melhoria no tratamento e na atenção médica e doença isquêmica do coração. A associação entre a mortalidade evitável e as variáveis selecionadas foi realizada usando-se o modelo de regressão binomial negativa. Avaliou-se a magnitude da incidência das causas evitáveis na esperança de vida por meio da técnica de tábua de mortalidade de múltiplo decremento. Os homens apresentaram um risco maior de morrer em relação às mulheres para os grupos de causas evitáveis estudados, após controle de variáveis selecionadas. O ganho na esperança de vida ao nascer é sempre maior para as mulheres, com um aumento de até 5 anos para elas, ao eliminar as causas evitáveis por diagnóstico e tratamento precoce. Deve-se avançar na análise de fatores relacionados à questão de gênero, que podem estar associados ao risco diferenciado de morte entre os sexos.The aim of the article was to analyze gender differences in mortality in 117 Brazilian municipalities from 1983 to 2005, based on three groups of causes of avoidable death: (1 avoidable through early diagnosis and treatment, (2 avoidable by improvements in quality of treatment and medical care, and (3 ischemic heart disease. The association between avoidable mortality and demographic and socioeconomic conditions and healthcare variables was analyzed through negative binomial regression. The multiple decrement technique was used to evaluate the impact of avoidable causes on life expectancy for men and women. Men showed a higher risk of death for all three groups of avoidable causes, after controlling for selected variables. Women would gain more than men, with an increase of up to five years in life expectancy, if avoidable causes were eliminated by

  5. Indicadores antropométricos de estado nutricional como preditores de capacidade em idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kleyton Trindade Santos

    2014-06-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Trata-se de estudo seccional que analisou dados de pesquisa epidemiológica de base populacional e domiciliar conduzida em um município do nordeste do Brasil. OBJETIVO: Identificar os indicadores antropométricos de estado nutricional que apresentam melhor capacidade preditiva de capacidade funcional em idosos. MÉTODOS: A população foi constituída por 316 idosos que foram avaliados por meio de questionário contendo informações sociodemográficas, atividade física e condições de saúde, seguido de avaliação antropométrica. A capacidade funcional foi avaliada por meio das escalas de Katz e de Lawton e Brody para atividades básicas e instrumentais da vida diária, respectivamente. Foram utilizados como indicadores de estado nutricional, o índice de massa corporal, a área muscular do braço e o perímetro da panturrilha. Estimou-se modelos simples e múltiplos de regressão logística multinomial, tendo a capacidade funcional como variável dependente e os indicadores antropométricos como variáveis de interesse. RESULTADOS: Participaram do estudo 173 mulheres (54,7% e 143 homens (45,3%. Os resultados da regressão múltipla mostraram que o perímetro da panturrilha foi o único preditor de capacidade funcional em mulheres (≤ P25: OR = 5,77, p = 0,028, para dependência nas atividades instrumentais, enquanto que nos homens o índice de massa corporal foi o único indicador associado (baixo peso: OR = 11,36, p = 0,006; sobrepeso: OR = 22,06, p = 0,002; para dependência nas atividades básicas e instrumentais. CONCLUSÃO: Os resultados permitem concluir que os indicadores antropométricos preditores de capacidade funcional em idosos variam de acordo com o sexo, com o perímetro da panturrilha sendo mais adequada às mulheres e o índice de massa corporal aos homens.

  6. Comparison of crude and adjusted mortality rates from leading causes of death in northeastern Brazil Comparación de las tasas de mortalidad bruta y ajustada debida a las principales causas de muerte en el nordeste del Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elisabeth França

    2012-04-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To present how the adjustment of incompleteness and misclassification of causes of death in the vital registration (VR system can contribute to more accurate estimates of the risk of mortality from leading causes of death in northeastern Brazil. METHODS: After estimating the total numbers of deaths by age and sex in Brazil's Northeast region in 2002-2004 by correcting for undercount in the VR data, adjustment algorithms were applied to the reported cause-of-death structure. Average anual age-standardized mortality rates were computed by cause, with and without the corrections, and compared to death rates for Brazil's South region after adjustments for potential misdiagnosis. RESULTS: Death rates from ischemic heart disease, lower respiratory infections, chronic obstructive pulmonary disease, and perinatal conditions were more than 100% higher for both sexes than what was suggested by the routine VR data. Corrected cause-specific mortality rates were higher in the Northeast region versus the South region for the majority of causes of death, including several noncommunicable conditions. CONCLUSIONS: Failure to adjust VR data for undercount of cases reported and misdiagnoses will cause underestimation of mortality risks for the populations of the Northeast region, which are more vulnerable than those in other regions of the country. In order to more reliably understand the pattern of disease, all cause-specific mortality rates in poor populations should be adjusted.OBJETIVO: Presentar de qué manera el ajuste de los datos incompletos y de la clasificación errónea de las causas de muerte registradas en el sistema del registro civil puede ayudar a estimar los riesgos de mortalidad debida a las principales causas de muerte en el nordeste del Brasil. MÉTODOS: Después de calcular el número total de defunciones por edad y sexo en el nordeste del Brasil entre 2002 y 2004 mediante la corrección del subregistro de los datos del registro

  7. Impacto da vacinação contra influenza na mortalidade por doenças respiratórias em idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Priscila Maria Stolses Bergamo Francisco

    2005-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: As doenças respiratórias, particularmente as infecciosas, vêm se tornando cada vez mais representativas na morbi-mortalidade da população idosa. O objetivo do estudo foi analisar a tendência de mortalidade por doenças respiratórias e observar o impacto da vacinação contra influenza nos coeficientes de mortalidade. MÉTODOS: O estudo foi realizado no período de 1980 a 2000 em idosos residentes no Estado de São Paulo, utilizando-se dados de mortalidade do Sistema de Informações de Mortalidade do Ministério da Saúde. Trata-se de estudo ecológico de séries temporais. Foram analisadas as tendências das taxas padronizadas de mortalidade por doenças respiratórias infecciosas, segundo faixas etárias (60 a 64, 65 a 69, 70 a 74, 75 a 79 e 80 ou mais anos e sexo, por meio de modelos de regressão polinomial. Foram calculados intervalos de confiança para a resposta média esperada nos anos subseqüentes à intervenção. RESULTADOS: Os coeficientes aumentaram para ambos os sexos na população idosa. Após a intervenção nota-se tendência ao declínio dos indicadores de mortalidade. Para a população idosa masculina, o coeficiente médio no período de 1980 a 1998 foi de 5,08 óbitos por mil homens com aumento linear não constante de 0,13 ao ano; em 2000, o coeficiente observado foi de 4,72 óbitos por mil homens. Já para as mulheres de 60 anos e mais, o coeficiente anual médio foi de 3,18 óbitos por mil mulheres com incremento não constante de 0,08 ao ano; no ano de 2000 o coeficiente observado foi 2,99 óbitos por mil mulheres, além da redução significativa dos mesmos em todas as faixas etárias. CONCLUSÕES: Os dados indicam a importância das doenças respiratórias entre os idosos e sugerem que a proteção específica contra influenza tem se refletido positivamente na prevenção da mortalidade por essas doenças.

  8. Cuidado às mulheres em situação de violência conjugal: importância do psicólogo na Estratégia de Saúde da Família

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nadirlene Pereira Gomes

    2014-04-01

    Full Text Available A violência conjugal compromete a saúde mental das mulheres, estando associada à baixa autoestima e depressão. No fomento de ações para enfrentamento desse agravo, destaca-se a atuação dos psicólogos. Objetivou-se compreender o significado do apoio psicológico à mulher em situação de violência conjugal, no âmbito da Estratégia de Saúde da Família. Foram realizadas entrevistas com 52 profissionais que atuam em unidades de saúde em Santa Catarina, Brasil. A coleta e análise de dados basearam-se na Teoria Fundamentada nos Dados. Os profissionais de saúde significam que as mulheres em vivência de violência conjugal necessitam de apoio psicológico e as referenciam para o psicólogo, por considerá-los mais bem preparados para o empoderamento da mulher no sentido de romper com a situação de violência. Todavia, queixam-se do número limitado de psicólogos, considerando a demanda na comunidade. Sinaliza-se para a necessidade de repensar as ações em saúde no âmbito da Atenção Primária à Saúde, a partir da integração e articulação intersetorial a fim de que seja assegurado às mulheres o apoio psicológico necessário para o enfrentamento da violência conjugal.

  9. Por uma criminologia crítica feminista

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camila Damasceno de Andrade

    2016-08-01

    Full Text Available Este artigo tem o escopo de trazer elementos para a construção de uma criminologia crítica de cunho feminista, motivado pela histórica exclusão das perspectivas de gênero nos mais afamados discursos criminológicos e pela discordância em relação ao pleito feminista por punição. Discorre, primeiramente, sobre a ausência das mulheres nas produções científicas e, em especial, na criminologia. Em seguida, analisa as reflexões provocadas pelo surgimento da criminologia feminista, que, ao mesmo tempo em que elabora profundas críticas ao sistema penal, também atua no sentido de legitimá-lo. Por fim, propõe a formulação de uma criminologia que acolha as experiências femininas sem, todavia, clamar pela expansão do controle penal.

  10. A mobilização política das mulheres negras no Uruguai: considerações sobre interseccionalidade de raça, gênero e sexualidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Laura Cecilia López

    Full Text Available O artigo analisa a atual mobilização das mulheres negras no Uruguai em torno de demandas ao poder público. Relacionam-se as construções dessas mulheres como sujeito político com outros processos da diáspora africana nas Américas. O corpus etnográfico está conformado por entrevistas e observações de campo sobre movimentos negros e as disputas pela implementação de políticas de ação afirmativa no Cone Sul. A análise é guiada pela crítica decolonial e pela perspectiva da interseccionalidade, para pensar como se entrecruzam e se potencializam eixos de opressão, assim como para visualizar uma ação política que gera processos de desconstrução das desigualdades. Ressalta-se a centralidade do corpo como expressão na luta política das mulheres negras, entendida neste texto como representações do "corpo colonial" que são mobilizadas na constituição desse coletivo como sujeito político.

  11. Velhice e analfabetismo, uma relação paradoxal: a exclusão educacional em contextos rurais da região Nordeste

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos Augusto de Castro Peres

    2011-12-01

    Full Text Available Este artigo procura analisar a relação entre velhice e analfabetismo na região Nordeste do Brasil, especialmente em duas áreas: o semiárido do Rio Grande do Norte e a zona cacaueira do Sul da Bahia. De acordo com o Censo 2010 do IBGE, é na região Nordeste onde se verificam os maiores índices de analfabetismo do país. O problema do analfabetismo atinge principalmente as populações mais idosas, de cor negra e parda, do sexo feminino, e os residentes nas áreas rurais. A relação existente entre latifúndio e analfabetismo explica, em parte, a maior incidência desse problema na região Nordeste, onde há maior concentração de renda e também da propriedade rural. A inexistência, no Brasil, de políticas educacionais direcionadas à velhice e ao analfabetismo pode ser observada na ausência dessas questões nas leis específicas, como a LDB (da educação e o Estatuto do Idoso (da velhice. Por fim, a compreensão da problemática sob a ótica da Sociologia representa contribuição teórica relevante para os estudos educacionais.This paper analyzes the relationship between the old age and illiteracy in the Northeastern of Brazil, especially in two areas: the semi-arid region of Rio Grande do Norte and the area of southern Bahia cocoa. According to the IBGE 2010 census, in the Northeast there are higher rates of illiteracy in the country. The problem of illiteracy affects mainly older people, black and brown, female and living in rural areas. The relationship between landowners and illiteracy partly explains the higher incidence of this problem in the Northeast, where there is greater concentration of income and also the rural property. The absence in Brazil of education policies directed towards old age and illiteracy can be observed in the absence specific laws, such as Brazilian Law of Education and the old age and Statutes of the Elderly. Finally, the understanding of this issue from the perspective of sociology is a theoretical

  12. Carga viral do papilomavirus humano na predição da gravidade de lesões cervicais em mulheres com atipias celulares na colpocitologia oncológica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sarian Luis Otávio Zanatta

    2003-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar o desempenho da carga viral do HPV por captura de híbridos II (CHII na predição da gravidade das lesões cervicais. MÉTODOS: foram incluídas 309 mulheres admitidas por resultado anormal da colpocitologia oncológica (CO entre agosto de 200 e novembro de 2002. Todas foram submetidas a avaliação histológica, sendo que a presença de neoplasia intra-epitelial cervical (NIC grau 2 ou mais (NIC 3, carcinoma invasor foi considerada doença grave. A CHII foi realizada para tipos de HPV de alto risco oncogênico e a carga viral medida em unidades relativas de luz (URL. O desempenho da CHII foi avaliado por curva receiver operating characteristics (ROC. RESULTADOS: na avaliação histológica, 140 (45,3% mulheres apresentavam cervicite ou NIC 1 e 199 (54,7%, NIC 2/3, adenocarcinoma in situ ou câncer invasor. O melhor ponto de corte da CHII para a detecção de doença grave foi 35 URL, com sensibilidade de 69% e especificidade de 70%. O valor preditivo positivo das alterações compatíveis com lesão de alto grau na CO associado a CHII de 35 URL (unidades relativas de luz foi de 88,2% para a detecção de NIC 2 ou mais. Já 95,7% das mulheres com lesões de baixo grau na CO e CHII menor que 1 URL não apresentaram lesões histológicas graves. CONCLUSÃO: o melhor desempenho da CHII no diagnóstico de NIC 2 ou lesão mais grave foi encontrado com 35 URL. A associação da CO com a CHII em diferentes cargas virais mostrou valores preditivos positivos e negativos muito altos.

  13. Crime do feminicídio. Morte violenta de mulheres por razões de gênero

    OpenAIRE

    Munévar M, Dora Inés

    2012-01-01

    El propósito de este artículo es reflexionar sobre el femicidio, considerado como un delito que ocurre por razones de género. Ofrece un análisis feminista para comprender las dimensiones conceptuales del tipo penal; incluye los principales argumentos conducentes a su penalización en países de América Latina; examina diferentes aspectos defendidos por feministas y activistas del movimiento de mujeres; tiene en cuenta la existencia de algunas reacciones desencadenadas por la idea de una tipific...

  14. Características de saúde de mulheres em situação de violência doméstica abrigadas em uma unidade de proteção estadual

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rebeca Monteiro Ferreira

    Full Text Available Resumo A promoção do atendimento às mulheres vítimas de violência implica uma ação não limitada ao combate, mas também à dimensão da assistência dada às vítimas. Este estudo visa conhecer as características sociodemográficas e de saúde das mulheres vítimas de violência que estão/estiveram sob a tutela protetora do Estado, antes e após a Lei Maria da Penha (LMP, bem como a assistência à saúde ofertada. Estudo seccional, exploratório-descritivo, documental, quali-quatitativo realizado em uma unidade de proteção especial de mulheres vítimas de violência do Estado do Ceará no segundo semestre de 2013. Amostra composta por 197 prontuários das mulheres atendidas entre 2001 e 2012. Poucas mudanças ocorreram no perfil de saúde de mulheres vítimas de violência doméstica atendidas pelo Estado, após a promulgação da LMP. Mudanças relevantes ocorreram no padrão de assistência oferecido, tais como maior investigação, promoção e registro de atividades relacionadas à saúde. Ainda é escassa a identificação de sequelas da agressão propriamente dita. Sugere-se inclusão de profissionais da saúde na equipe do abrigo para suprir essa demanda.

  15. Marcas de identidad en y a través de la fotografía. Aproximaciones a la memoria y el imaginario del nordeste argentino

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cleopatra Barrios

    2010-06-01

    Full Text Available El trabajo pone en discusión dos estudios de caso que abordan la fotografía como objeto y como herramienta de análisis en las provincias argentinas de Chaco y Corrientes. El primero examina las representaciones del cuerpo en fotos de indígenas e inmigrantes chaqueños de mediados del siglo XX y las respuestas actuales de un grupo indígena del Chaco antes tales imágenes. El segundo aborda las prácticas de religiosidad en fotos de localidades correntinas obtenidas entre los siglos XX y XXI y se complementa con un trabajo etnográfico en las festividades actuales. El análisis de las imágenes de diferentes fotógrafos por un lado y la utilización de dicho corpus como disparador de recuerdos (relevado mediante el registro oral por otro, revela aspectos comunes a ambos estudios: los alcances y límites de la fotografía para convocar el pasado y afectar el presente reafirmando pertenencias comunitarias, étnicas y religiosas del nordeste argentino.

  16. The preconditioning role of Tropical Atlantic Variability in the development of the ENSO teleconnection: implications for the prediction of Nordeste rainfall

    Science.gov (United States)

    Giannini, A.; Saravanan, R.; Chang, P.

    A comparison of rainfall variability in the semi-arid Brazilian Nordeste in observations and in two sets of model simulations leads to the conclusion that the evolving interaction between Tropical Atlantic Variability (TAV) and the El Niño-Southern Oscillation (ENSO) phenomenon can explain two puzzling features of ENSO's impact on the Nordeste: (1) the event-to-event unpredictability of ENSO's impact; (2) the greater impact of cold rather than warm ENSO events during the past 50 years. The explanation is in the `preconditioning' role of Tropical Atlantic Variability. When, in seasons prior to the mature phase of ENSO, the tropical Atlantic happens to be evolving consistently with the development expected of the ENSO teleconnection, ENSO and TAV add up to force large anomalies in Nordeste rainfall. When it happens to be evolving in opposition to the canonical development of ENSO, then the net outcome is less obvious, but also less anomalous. The more frequent occurrence of tropical Atlantic conditions consistent with those that develop during a cold ENSO event, i.e. of a negative meridional sea surface temperature gradient, explains the weaker warm ENSO and stronger cold ENSO anomalies in Nordeste rainfall of the latter part of the twentieth century. Close monitoring of the evolution of the tropical Atlantic in seasons prior to the mature phase of ENSO should lead to an enhanced forecast potential.

  17. Controle social e mediação de conflitos: as delegacias da mulher e a violência doméstica Social control and conflict mediation: women's police stations and domestic violence

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Teresa Nobre

    2008-12-01

    Full Text Available O artigo discute modos de funcionamento institucional das Delegacias da Mulher e dos Juizados Especiais Criminais no atendimento aos casos de violência doméstica, antes da Lei Maria da Penha, tomando como contraponto a apresentação de uma experiência desenvolvida em uma DEAM do Estado de Sergipe, na qual se implantou, por dois anos, em caráter experimental, um Núcleo de Mediação de Conflitos. O trabalho discute a função social da Polícia e da Justiça, para além da repressão à criminalidade, problematizando, por um lado, os limites das ações penais e, por outro, a aplicação do instrumento jurídico de mediação de conflitos em espaços policiais, voltada ao enfrentamento da violência contra a mulher. Por fim, faz algumas considerações sobre a nova legislação brasileira para o atendimento a mulheres em situação de violência doméstica.The article argues ways of institutional functioning of the Women's Police Stations and the Criminal Special Courts in the attendance to the cases of domestic violence, before the Maria da Penha Law, taking as counterpoint the presentation of an experience developed in one Women's Police Station of Sergipe State, in which was implanted, during two years, in experimental character, a Nucleus of Mediation of Conflicts. The work argues the social function of the Police and of Justice, for beyond the repression to crime, debating, on a hand, the limits of the penal actions, and on the other hand, the application of the legal instrument of mediation of conflicts in police spaces, faced to the confrontation of the violence against the woman. Finally, it makes some appreciations on the new Brazilian legislation for the attendance to the women in situation of domestic violence.

  18. O banco mundial e o combate à pobreza no nordeste: o caso da Paraíba

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flávio Lúcio Rodrigues Vieira

    Full Text Available Neste artigo, é estudada a participação do Banco Mundial no financiamento do Projeto Cooperar, um plano de combate à pobreza, em execução pelo Governo da Paraíba desde 1997. Na primeira parte, enfocamos a atuação do BIRD, analisando as mudanças ocorridas nas estratégias aplicadas no Nordeste e a crescente participação dessa instituição internacional no financiamento de políticas de desenvolvimento voltadas para a região. Procuramos enfatizar as mudanças ocorridas na estratégia do Banco Mundial voltados ao financiamento de projetos orientados pela idéia de desenvolvimento rural, experiências que foram fundamentais para o aperfeiçoamento dos mecanismos de atuação do BIRD no Brasil e que constituem elementos antecedentes da estratégia de combate à pobreza no Nordeste durante a década de 1990. Na segunda parte, a análise é orientada para o Projeto Cooperar, exemplar de política de combate à pobreza no Nordeste, quando são examinadas suas origens, sua estratégia e o nível de interferência do Banco Mundial na implementação da estratégia de desenvolvimento.

  19. Vivencias emocionais de mulheres submetidas a cirurgia bariatrica no Hospital de Clinicas da Unicamp : um estudo clinico-qualitativo

    OpenAIRE

    Ronis Magdaleno Junior

    2009-01-01

    Resumo: Este estudo teve por objetivo compreender as vivências emocionais de mulheres obesas mórbidas submetidas à cirurgia bariátrica. A obesidade tornou-se, globalmente, um grave problema de saúde pública e, em função disto, tem crescido de modo expressivo o número de cirurgias bariátricas como opção de tratamento para a obesidade mórbida. Contudo, é um procedimento que implica em importantes modificações físicas e psicossociais para o paciente. Metodologia: Aplicamos o Método Clínico Quali...

  20. Santa pecadora ou execrada santa? O autocuidado em mulheres soropositivas para HIV Saint sinner or execrated saint? Self care in women with HIV

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Helena Guerra Gomes Pereira

    2007-06-01

    Full Text Available Esta pesquisa foi realizada com mulheres portadoras de HIV/Aids, integrantes de uma ONG no Distrito Federal, com o objetivo de conhecer seu processo de adesão ao autocuidado. Teve como objetivos investigar a relação entre o autocuidado e a sua auto-estima e auto-imagem, e como o conceito de autocuidado se relaciona com as suas vivências com o parceiro e com seus familiares. Problema: construção de significados sobre autocuidado por mulheres soropositivas para HIV. Instrumento: entrevista de grupo focal. As construções de sentido foram: histórias de descuido; eu até me cuido, se for para outra pessoa...; desqualificando-se para se relacionar! e profissionais como facilitadoras ou não de sua inclusão social. Os resultados caminharam no sentido de se perceber que a subjetividade dessas mulheres permanece sem alternativa de reedição e, portanto, atrelada à identidade de pecadora por ter o HIV e de santa por sofrer apartada para que os outros não se contaminem.This research was developed with HIV positive women, members of a NGO, in the Federal District, and its aim was to acknowledge their process of adhering to self-care. Its specific aims were to investigate the relation between self-care, self-esteem and self-image of these women, how the concept of self-care was related with their lives, their partners and their families. The main issue was the construction of meanings for self-care by these women. The instrument used was the focal-group interview. The "sense-zones" construed through the aualitative investigation method were: stories of abandonment; I'll look after myself only for the sake of someone else…; undermining themselves in their relationship! and professionals as a means for bridging them or not into social inclusion. The results showed that the subjectivity of these women remain without alternative, therefore linked with the identity of "sinner" for being HIV positive and of "saint" for suffering apart, so that the

  1. Nos caminhos para o Nordeste: reflexões sobre os impactos diretos e indiretos da migração de retorno no período recente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Ojima

    2015-11-01

    Full Text Available Analizou-se as recentes mudanças nos fluxos migratórios no Brasil, mais especificamente, a crescente importância da migração de retorno e os seus efeitos indiretos para o Nordeste brasileiro. A partir dos dados censitários recentes, observou-se a importância dos fluxos de retorno migratório para o Nordeste e como os membros dessas famílias de pessoas retornadas (i.e. seus efeitos indiretos contribuem para os fluxos migratórios em direção ao Nordeste. Assim, esta análise permite reconhecer os migrantes, enquanto grupo social, observando as suas principais características. A caracterização desses fluxos se configura como elemento importante para entender os novos espaços de migração no Brasil, especialmente a região Nordeste. Palavras-chave: Migração. Desenvolvimento Regional. Migração de Retorno. Efeitos Indiretos da Migração de Retorno.

  2. "Fraqueza de nascença": sentidos e significados culturais de impressões maternas na saúde infantil no Nordeste brasileiro "Birth weakness": cultural meanings of maternal impressions for infant health in Northeast Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paola Gondim Calvasina

    2007-02-01

    Full Text Available A gestação abrange dimensões sócio-culturais, históricas e afetivas, que processam no corpo das mulheres diversos sentidos e significados. Cada sociedade constrói concepções, práticas ou modelos explicativos populares, que se diferenciam do modelo biomédico e visam a proteger a mãe-feto, promovendo uma gravidez saudável. Esta pesquisa qualitativa, baseada na antropologia interpretativa, desvela as experiências vivenciadas por 27 mulheres pobres e suas repercussões na desnutrição dos filhos atendidos num Centro de Desnutrição Infantil em Fortaleza, Nordeste brasileiro. De janeiro a junho de 2004, foram realizadas entrevistas etnográficas e narrativas sobre fraqueza de nascença e observação-participante de cuidados no ambulatório, enfermaria e domicílios. Conforme se argumenta, as mães acreditam que seus sofrimentos físicos, emocionais e a precária condição nutricional é "impressa" no feto, resultando na desnutrição do filho. Enquanto a etnoetiologia da "fraqueza" aponta fatores externos do corpo que involuntariamente atingem a gestante, a visão médica relatada tende a culpabilizar a mãe. É preciso compreender a narrativa das mães, sensibilizar-se com o seu sofrimento e aproximar as concepções populares e biomédicas.Pregnancy encompasses socio-cultural, historical, and affective dimensions that process various meanings in women's bodies. Each society constructs popular concepts, practices, and explanatory models that differ from the biomedical model and aim to protect the mother and fetus and foster a healthy pregnancy. This qualitative study, based on interpretative anthropology, unveils the experiences of 27 poor women and their repercussions on the malnutrition of their infants, treated at a Childhood Malnutrition Treatment Center in Fortaleza, Northeast Brazil. From January to June 2004, ethnographic and narrative interviews were conducted on so-called "birth weakness", in addition to participant

  3. A vivência de mulheres no parto domiciliar e hospitalar La vivencia de mujeres en el parto domiciliar y hospitalario Women experience with home and hospital childbirth

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cilene Delgado Crizóstomo

    2007-03-01

    Full Text Available Estudo com abordagem qualitativa, objetivando compreender na vivência das mulheres a experiência do parto normal domiciliar e hospitalar bem como discutir a vivência das mulheres nos dois tipos de partos. Os sujeitos do estudo foram sete mulheres multíparas residentes em Batalha PI, e o instrumento utilizado foi um roteiro semi-estruturado com a técnica da entrevista. Os resultados revelaram que os partos domiciliares vivenciados pelas mulheres aconteceram mais rápido, de forma natural, sem intervenções e assistidos por parteiras ou por suas mães. As posições de preferência durante o parto domiciliar foram na rede e no assento, e os partos hospitalares foram laboriosos, complicados e com intervenções traumáticas. A melhor posição e o melhor local do parto escolhidos pelas entrevistadas foram na rede e o domicílio, respectivamente. Conclui-se que o parto domiciliar foi natural e humanizado, já o parto normal hospitalar foi conduzido pelos profissionais com intervenções sem a participação ativa das parturientes, tornando-o traumático, desumano e de risco.Estudio con abordaje cualitativo, objetivando entender la experiencia de mujeres en parto natural en el domicilio y en el hospital, en cuanto se discute la experiencia de las mujeres en ambos tipos de parto. Los sujetos del estudio fueron siete mujeres multiparas que viven en Batalha - Piauí - Brasil, y los instrumentos usados fueran un guión semi-estructurado con la técnica de la entrevista. Los resultados revelaron que los partos en el domicilio experimentados por las mujeres sucedieron más rápidamente, de una manera natural, sin intervenciones y asistido por parteras o por sus madres. Las posiciones preferidas durante el parto en el domicilio fueron en la red y en el asiento, y los partos en el hospital fueran laboriosos, complicados y con intervenciones traumáticas. La mejor posición y la mejor localización del parto, escogidos por las entrevistadas, fueron la

  4. Análise espacial de indicadores integrados de saúde e ambiente para morbimortalidade por diarreia infantil no Brasil, 2010

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Helena Ferraz Bühler

    2014-09-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo é construir indicadores integrados de saúde e ambiente para diarreia em crianças menores de um ano no Brasil. Foi utilizado um desenho de estudo ecológico, com a aplicação do modelo teórico Geo Saúde, que inclui as dimensões: força motriz, pressão, estado do meio ambiente, exposição e efeito à saúde humana. No Brasil, a probabilidade de crianças menores de um ano serem hospitalizadas ou chegarem a óbito por doença diarreica aguda, nas microrregiões brasileiras, é maior naquelas localizadas nas regiões Norte e Nordeste. Na Região Norte, as internações e óbitos são mais de cinco vezes maiores que as das regiões Sudeste e Sul, respectivamente. A taxa de internação por diarreia infantil mostrou-se associada com o percentual da população sem coleta de lixo; a taxa de mortalidade com a razão de dependência e percentual de moradores sem coleta de lixo. Conclui-se que o saneamento básico persiste como problema socioambiental nas regiões Norte e Nordeste, e a redução da diarreia infantil depende de políticas públicas nesse setor.

  5. Preditores dietéticos das concentrações séricas ou plasmáticas de homocisteína, ácido fólico, vitaminas B12 e B6 em mulheres

    OpenAIRE

    Lana Carneiro Almeida

    2007-01-01

    Objetivo Examinar a correlação entre fatores dietéticos, obtidos por questionário de freqüência alimentar (QFA) validado, e concentrações séricas ou plasmáticas de homocisteína (hcy), ácido fólico, vitaminas B12 e B6 em mulheres de São Paulo. População e métodos Foram analisados os dados dietéticos de 1.434 mulheres de 21 a 65 anos de um estudo caso-controle sobre consumo alimentar e lesões neoplásicas do colo uterino realizado em três hospitais públicos da cidade de São Paulo, excluindo-se o...

  6. Fatores associados à violência física por parceiro íntimo em usuárias de serviços de saúde

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elisabeth Meloni Vieira

    2011-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estimar a prevalência de violência por parceiro íntimo contra mulheres e identificar fatores associados. MÉTODOS: Estudo transversal com 504 mulheres de 15 a 49 anos, em cinco unidades básicas e distritais de saúde em um município paulista em 2008. Foram realizadas entrevistas face a face com uso de questionário com 119 questões, sobre informações sociodemográficas, saúde reprodutiva, percepção sobre papéis de gênero no relacionamento conjugal e experiência de violência. Análises univariada e múltipla por regressão logística foram realizadas. RESULTADOS: Mais de um terço das mulheres sofreu violência pelo parceiro íntimo. Na análise múltipla os fatores positivamente associados à violência foram: morar em casa alugada, ter sofrido abuso sexual na infância, parceiro agredido fisicamente na infância, o uso de álcool pela entrevistada e pelo parceiro, uso de drogas e percepção sobre o temperamento do parceiro. CONCLUSÕES: As variáveis identificadas compuseram um modelo preditivo que pode ser utilizado para avaliar o risco de sofrer violência pelo parceiro íntimo.

  7. O agente comunitário de saúde e a violência contra a mulher DOI:10.5007/1807-0221.2011v8n12p69

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leide Sayuri Ogasawara

    2011-12-01

    Full Text Available A violência é o uso intencional de força física ou do poder, real ou em ameaça, contra si próprio, contra outra pessoa ou contra um grupo ou uma comunidade e que resulte ou tenha possibilidade de resultar em lesão, morte, dano psicológico, deficiência de desenvolvimento ou privação. A violência, nos seus vários tipos (doméstica, sexual, física e psicológica, já é considerada uma endemia que afeta a saúde individual e coletiva. A Casa da Mulher Catarina, projeto de extensão do Departamento de Saúde Pública da Universidade Federal de Santa Catarina, atuou em 2010 na disseminação do conhecimento sobre a violência contra a mulher. Realizou capacitação para 174 agentes comunitários de saúde (ACSs das Unidades de Saúde de São José/SC, com o objetivo de sensibilizá-los sobre a violência. Ao final, avaliaram-se as atividades com perguntas sobre a violência, as quais foram aprovadas pelo Comitê de Ética da UFSC/CEPSH, sob o número 790/2010. A maioria, 72%, respondeu que às vezes a mulher é tratada com respeito no Brasil; 22% responderam que a mulher não é respeitada, 4% responderam que a mulher é tratada com respeito; e 2% não responderam. O ambiente apontado como sendo o de maior desrespeito foi a sociedade (38%, seguido do familiar (35%, do local de trabalho (25%, e (2% não responderam e/ou responderam ser em outros locais. Os ACSs mostraram desconhecimento do assunto e interesse por ele. Acredita-se que a capacitação atingiu as expectativas, e que agora os agentes saibam identificar a violência contra a mulher na sua comunidade e sejam multiplicadores das ações contra a violência.

  8. Efeitos agudos da corrente interferencial ganglionar em mulheres sadias

    OpenAIRE

    Nakata, Cláudio Hiroshi

    2014-01-01

    OBJETIVO: Analisar os efeitos agudos da corrente interferencial ganglionar em mulheres sadias. MATERIAIS E MÉTODOS: Estudo do tipo experimental aleatorizado e transversal. Vinte e uma mulheres militares do Exército Brasileiro divididas em dois grupos, conforme IPAQ, em ativas (média de idade de 32,80 ± 3,011 anos, massa 56,50 ± 5,523 Kg, estatura de 164,30 ± 6,993 cm e IMC de 20,90 ± 1,729 kg/m2 e 80% com conceito excelente no teste de aptidão física) e irregularmente ativas (média de idade d...

  9. Gêneros incríveis : identificação, diferenciação e reconhecimento no ato de passar por

    OpenAIRE

    Tiago Duque

    2013-01-01

    Resumo: Esta tese de doutorado tem por objetivo estudar a experiência de passar por homem e/ou passarpor mulher como performances contemporâneas de feminilidades e masculinidades que revelam normas e convenções constitutivas de um regime de visibilidade/conhecimento. A partir de uma postura desconstrutivista, reunindo principalmente teóricos queers e feministas, os interlocutores deste estudo não foram classificados a priori de modo identitário. A pesquisa focou em seus processos de autoident...

  10. Relações afetivo-sexuais e prevenção contra infecções sexualmente transmissíveis e aids entre mulheres do município de Vitória - ES Rrelaciones afectivo-sexuales y prevención contra infecciones sexualmente transmisibles y sida entre mujeres del municipio de Vitoria-ES Sexual relationships and infections sexually transmitted and aids prevention among women in Vitória-ES, Brazil

    OpenAIRE

    Melissa Mattos Amorim; Ângela Nobre de Andrade

    2006-01-01

    Objetivou-se conhecer como mulheres vivenciam a prevenção de infecções sexualmente transmissíveis (IST) e aids em suas relações afetivo-sexuais. Foram realizados dois grupos de discussão e 12 entrevistas individuais com mulheres na faixa etária de 20 a 35 anos. Um grupo foi composto por cinco participantes com ensino fundamental ou médio (Grupo1) e o outro, por sete participantes com ensino superior completo ou incompleto (Grupo2). Apenas três participantes faziam uso consistente do preservat...

  11. GEOMORFOLOGIA DO CAMPO DE INSELBERGUES DE QUIXADÁ, NORDESTE DO BRASIL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rúbson Pinheiro Maia

    2015-06-01

    Full Text Available Ao norte do Maciço da Borborema, no Nordeste Brasileiro, vários campos de inselbergues caracterizam as depressões sertanejas. Esses relevos ocorrem principalmente em áreas de intrusões graníticas que atualmente estão sendo exumadas pela erosão diferencial. Em Quixadá, no estado do Ceará, ocorre um dos mais representativos campo de inselbergues do Brasil. Trata-se de diversas massas rochosas em geral côncavo-convexas ou fraturadas, formada pela exposição subaérea de um batólito granítico. Nesse trabalho, individualizamos as diversas formas de inselbergues agrupando-as segundo seus padrões morfológicos. Esses padrões foram correlacionados com as fáceis do granito e com a densidade de fraturamento. Observamos que as fáceis porfiríticas ricas em fenocristais de feldspato originaram inselbergues com feições de dissolução do tipo caneluras e vasques, enquanto as fáceis caracterizadas pela presença de diques e enclaves máficos originaram inselbergues caracterizados por feições de fraturamento do tipo taffonis de colapso. Essa correlação nos permitiu concluir que mesmo dentro de uma mesma unidade litológica como o granitoide, as variações faciológicas internas podem resultar em feições distintas de acordo com as características mineralógicas e texturais da rocha e do fraturamento.

  12. A CONDIÇÃO DE PROLETARIEDADE NA MODERNIDADE SALARIAL – POR UMA ANALÍTICA EXISTENCIAL DO PROLETARIADO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giovanni Alves

    2012-07-01

    Full Text Available Nosso objetivo neste ensaio é apresentar o conceito de condição de proletariedade, considerado por nós como a condição existencial fundamental (e fundante da modernidade do capital, que implica homens e mulheres despossuídos dos meios de produção de sua vida social, na situação de “classe social” do proletariado. A “classe” (entre aspas do proletariado é o conjunto social de homens e mulheres, alienados da propriedade/controle social dos meios de produção da vida, que estão subsumidos a uma condição existencial histórico-particular – a condição de proletariedade. 

  13. Abdome agudo por obstrução por ileobiliar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia Cristina de Alencastro

    Full Text Available OBJETIVO: descrever a experiência na abordagem dos doentes com abdome agudo por obstrução por IB, desde o diagnóstico até o tratamento definitivo. MÉTODOS: estudo retrospectivo incluindo todos os casos de IB tratados em um período de 23 anos. De acordo com a abordagem cirúrgica realizada, os pacientes foram divididos em dois grupos (1 enterolitotomia com colecistectomia no segundo momento; e (2 enterolitotomia, colecistectomia e abordagem da fístula. RESULTADOS: Doze pacientes foram incluídos, sendo 11 mulheres (91,6%, com média de idade de 72,2 anos. Todos os pacientes apresentavam doenças associadas, principalmente hipertensão arterial sistêmica (75%. Dois pacientes não apresentavam sintomas significativos de obstrução intestinal. O diagnóstico de IB foi realizado em seis pacientes (50% antes da laparotomia. O grupo 1 foi constituído de oito pacientes e o grupo 2 de quatro, e a morbidade foi, respectivamente, 33,3% e 8,3%. A mortalidade foi 16,6% (um paciente de cada grupo. CONCLUSÃO: O manejo do IB deve ser individualizado. O tratamento da obstrução mediante remoção do cálculo biliar por enterotomia proximal é a escolha inicial para o tratamento do IB. A colecistectomia e a correção da fístula bilioentérica podem ser realizadas juntamente com a remoção do cálculo, no entanto, em pacientes com comorbidades significativas, esses procedimentos devem ser realizados posteriormente.

  14. Função dos músculos do assoalho pélvico : comparação entre mulheres praticantes do método Pilates e sedentárias

    OpenAIRE

    Lia Janaina Ferla Barbosa

    2014-01-01

    Pesquisas relacionadas os músculos do assoalho pélvico (MAP) tem ganhado espaço na última década principalmente quando se refere a alterações na sua função. A maioria das pesquisas encontradas na literatura diz respeito às disfunções dos MAP. É importante conhecer formas de condicionamento dessa musculatura que possa evitar a perda de função, seja por falta de exercícios os por alterações decorrentes do processo de envelhecimento. Sabe-se que em mulheres com disfunção o treinamento dos múscul...

  15. "Tem mulher, tem preventivo": sentidos das práticas preventivas do câncer do colo do útero entre mulheres de Salvador, Bahia, Brasil

    OpenAIRE

    Rico, Ana María; Iriart, Jorge Alberto Bernstein

    2013-01-01

    O objetivo deste trabalho foi compreender os significados das práticas preventivas do câncer do colo do útero entre mulheres de bairros populares de Salvador, Bahia, Brasil. Trata-se de estudo qualitativo, baseado na análise de conteúdo de entrevistas semiestruturadas com 15 mulheres entre 24 e 68 anos. Os resultados evidenciam alta valorização do Papanicolaou, que é realizado como parte de exames de rotina, sem, no entanto, sustentar-se no conhecimento biomédico sobre as suas funções. Além d...

  16. Gênero, sustentabilidade e desenvolvimento: uma análise sobre o papel da mulher na agricultura familiar de base ecológica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Braga Lovatto

    2010-05-01

    Full Text Available A partir do reconhecimento da histórica conexão entre as mulheres e a natureza, busca-se no presente trabalho analisar elementos referentes às influências de gênero sobre o desenvolvimento rural sustentável, utilizando para tanto a discussão de dados obtidos em pesquisas recentes que investigaram os meios que levaram a transição de alguns grupos de agricultores familiares para o modelo de base ecológica. Demonstra-se no decorrer da análise que as mulheres ocupam lugar estratégico na reformulação produtiva da unidade familiar, pois representam, na maioria das vezes o centro de uma rede de ligações que permitem um questionamento crítico e por vezes libertador das formas de produção convencionais. Nesse contexto, pretende-se fornecer subsídios para realização de novos trabalhos investigativos que abordem a temática, contribuindo para a formulação de estratégias que estimulem as agricultoras familiares na tomada de decisões, reduzindo as desigualdades e dificuldades que ainda persistem neste processo. Espera-se, portanto, que diante de novas pesquisas seja possível buscar mecanismos que permitam o fortalecimento da mulher no meio rural, reafirmando de forma contínua o importante papel que desempenham para o desenvolvimento rural sustentável.

  17. Prática do autocuidado vivenciada pela mulher hipertensa: um análise no âmbito da educação em saúde La práctica del autocuidado vivenciada por la mujer hipertensa: un análisis en el ámbito de la educación para la salud Self-care practice lived by hipertensive woman: analysis on the health education focus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Zélia Maria de Souza Araújo Santos

    2006-04-01

    Full Text Available A investigação abordou a prática do autocuidado vivenciada pela mulher hipertensa. Estudo exploratório-descritivo, fundamentado na teoria do autocuidado de Orem e desenvolvido com 200 mulheres hipertensas em uma instituição pública de saúde de Fortaleza-CE. Os dados foram coletados durante as consultas de enfermagem, organizados em categorias e analisados conforme os fundamentos da teoria escolhida. Na amostra pesquisada, cerca de 172 (86% mulheres descobriram sua hipertensão mediante sinais e sintomas relacionados ao climatério. Evidenciou-se ainda nas mulheres, déficit de conhecimento e aderência parcial ao tratamento, consequentemente prática ineficaz do autocuidado, em virtude desse déficit. Desta forma, conclui-se que a prática do autocuidado era influenciada pela idade, pelo estágio de desenvolvimento e por problemas sociais, financeiros e de saúde.La investigación abordó la práctica del autocuidado vivenciada por la mujer hipertensa. Estudio exploratorio-descriptivo, fundamentado en la teoría del autocuidado de Orem y desarrollado con 200 mujeres hipertensas en una institución pública de salud de Fortaleza-CE. Los datos fueron recogidos durante las consultas de enfermería, organizados en categorías y analizados de acuerdo a los fundamentos de la teoría escogida. En la muestra pesquisada, cerca de 172 (86% mujeres descubrieron su hipertensión mediante señales e síntomas relacionados al climaterio. Se evidenció además en las mujeres un déficit de conocimiento, adhesión parcial al tratamiento y una práctica ineficaz de autocuidado en virtud de ese déficit. De esa forma, conclúyese que la práctica del autocuidado era influenciada por la edad, por el estadio de desarrollo y por problemas sociales, financieros y de salud.This study approached the practice of self care lived by the women that suffer with high blood pressure. Descriptive-exploratory study which was inspired on the Orem's self-care theory and

  18. Desempenho anaeróbico lático e aeróbico de mulheres com ciclo menstruai ovulatório

    OpenAIRE

    Ribeiro, Cléo Pereira

    2013-01-01

    Este trabalho analisou o comportamento das potências anaeróbica lática e aeróbica durante as fases folicular e lútea do ciclo menstruai. O exercício físico induz respostas semelhantes entre os sexos. Entretanto, a mulher sofre flutuações significativas nos caminhos fisiológicos, uma vez que seus hormônios não são secretados continua­mente durante o mês. Esse padrão rítmico é conhecido por ciclo feminino ou menstruai: este apresenta duas fases - folicular e lútea. Alguns autores afirmam que du...

  19. Vivências da vida conjugal: posicionamento das mulheres Vivencias de violencia conyugal: toma de posición por parte de las mujeres Marital life experiences: women's positioning

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudia Maria Ramos Medeiros Souto

    2009-10-01

    Full Text Available Estudo de abordagem qualitativa, realizado com onze mulheres em situação de violência conjugal. Os dados empíricos foram produzidos mediante oficinas, buscando-se a compreensão das vivências de violência nos discursos das mulheres. Para a composição das categorias analíticas utilizamos a técnica de análise temática de conteúdo. Procedemos a análise foi feita com base nos constructos da categoria gênero presentes ao cotidiano dessas mulheres. Os resultados mostraram que a violência conjugal representa para as mulheres o medo e o aprisionamento e que, na conjugalidade, a mulher está mais susceptível às relações desiguais de poder, com domínio masculino e legitimação da violência. Nas suas falas ficaram evidentes comportamentos e atributos que sustentam a condição feminina de sujeição ao marido e à violência.Se trata de un estudio de carácter cualitativo, realizado con once mujeres en situación de violencia conyugal. Los datos empíricos fueron obtenidos en talleres. Se buscó la comprensión de la vivencia de la violencia a través de los discursos d las mujeres. Para formar las categorías analíticas utilizamos la técnica de análisis temático de contenido. El análisis se fundamentó en los constructos de la categoría género presentes en la vida cotidiana de esas mujeres. Los resultados mostraron que la violencia conyugal representa para las mujeres: miedo y aprisionamiento, y que en la conyugalidad, la mujer está más susceptible a relaciones desiguales de poder, con dominio masculino y legitimación de la violencia. En las hablas de las mujeres, se evidenciaron comportamientos y atributos que sustentan la condición femenina de sujeción al cónyugue y a la violencia.A study of qualitative approach, carried out with eleven women in a marital violence situation. Empirical data were produced from workshops, focusing on the understanding of violence experience through the women´s speech. In order to

  20. VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER POR PARCEIRO ÍNTIMO: (IN VISIBILIDADE DO PROBLEMA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniele Ferreira Acosta

    2015-01-01

    Full Text Available El objetivo del estudio fue identificar las razones que llevan a la violencia contra la mujer y describir los actos perpetrados por su pareja. Investigación documental, cualitativa realizada en el Servicio de Policía Especializada en Atención a Mujeres. Se analizaron 902 informes registrados entre Agosto/2009 y Diciembre/2011, cuyas víctimas tenían al menos dieciocho años. Se recolectaron los datos de las ocurrencias, describiendo literalmente, las historias de las víctimas y su tratamiento fue a través del análisis de contenido. Fue identificados como factores desencadenantes de la violencia: la supremacía masculina como generadora de sufrimiento y sumisión, los problemas derivados del uso de drogas, los problemas relacionados con los niños y la división de los bienes. La gravedad fue escalada por las consecuencias a la víctima y su familia. El personal de enfermería como parte de la red de apoyo, debe entender este fenómeno como un problema de salud y esforzarse por romper las barreras que impidan el servicio eficaz y eficiente, auxiliando en el fortalecimiento de la autonomía de las mujeres, incluyendo a los hombres en acciones de combate y prevención de la violencia contra las mujeres.

  1. Violência contra a mulher: perfil dos envolvidos em boletins de ocorrência da Lei Maria da Penha = Violence against women: profiles involved in the occurrence of Maria da Penha Law police reports

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Griebler, Charlize Naiana

    2013-01-01

    Full Text Available Este estudo investigou o perfil dos personagens envolvidos nos casos de violência contra a mulher, em ocorrências da Lei Maria da Penha (n = 103, no ano de 2010, registrados numa Delegacia de Polícia Civil no interior do Rio Grande do Sul. Observou-se que o perfil da mulher está associado a mulheres jovens (M = 35,8 anos; DP = 12,7, em que a maioria tem Ensino Fundamental Completo (57,7% e mantém relacionamentos estáveis (57,7%. Em relação aos tipos de violência registrados, a violência psicológica (86,5% e a violência física (44,2% foram as mais prevalentes. Em relação ao perfil do homem, a idade média foi de 38,8 anos (DP = 11,0, sendo que a maioria tem Ensino Fundamental Completo (48,1%. O uso de substância, em especial o álcool, por parte dos homens em situação de agressão, esteve associado em 39,4% dos casos. Os resultados encontrados nesta pesquisa podem fornecer subsídios para uma maior compreensão do perfil dos envolvidos na violência contra a mulher

  2. Estratégias de enfrentamento da incontinência urinária por mulheres Estrategias de enfrentamiento femenino de la incontinencia urinaria Women's strategies for coping with urinary incontinence

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rita de Cássia Altino Delarmelindo

    2013-04-01

    Full Text Available Este artigo é parte de uma pesquisa qualitativa mais abrangente que utilizou como referencial teórico-metodológico a Grounded Theory e o Interacionismo Simbólico, resultando no modelo teórico denominado Entre o sofrimento e a esperança: a reabilitação da incontinência urinária como componente interveniente. Com a intenção de comunicar todo o conhecimento produzido, apresenta-se parte desse modelo, referente ao processo de enfrentamento da incontinência urinária por mulheres sem perspectivas de acesso ao tratamento cirúrgico, após falha dos procedimentos conservadores. Ao inter-relacionar os componentes (categorias e subcategorias relativos à experiência dessas mulheres, buscando compará-los e analisá-los para compreender a interação entre eles, notou-se vulnerabilidade moral e psicossocial no movimento da experiência do grupo, suscetibilizando-o a riscos à saúde e ao comprometimento da qualidade de vida. Pesquisas são necessárias para aprofundar a compreensão de experiências em que haja barreira ao tratamento cirúrgico por descrédito do profissional médico sobre sua efetividade.El artículo forma parte de una investigación cualitativa más abarcadora que utilizó como referencial teórico-metodológico la Grounded Theory y el Interaccionismo Simbólico, resultando en el modelo teórico denominado Entre el sufrimiento y la esperanza: la rehabilitación de la incontinencia urinaria como componente interviniente. Con intención de comunicar el conocimiento producido, se presenta parte de dicho modelo, referido al proceso de enfrentamiento de la incontinencia urinaria en mujeres sin perspectivas de acceso a tratamiento quirúrgico, habiendo fallado los procedimientos conservadores. Al interrelacionarse los componentes (categorías y subcategorías relativos a la experiencia de dichas mujeres, buscando compararlos y analizarlos para entender su interacción, se notó vulnerabilidad moral y psicosocial en el tr

  3. Itinerário percorrido pelas mulheres na descoberta do câncer Camino recorrido por las mujeres en la descubierta del cáncer The journey experienced by women through a cancer diagnosis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Aparecida Salci

    2009-09-01

    Full Text Available Este estudo se propõe a desvelar o itinerário vivenciado pelas mulheres no processo de descoberta do diagnóstico de câncer. Como estratégia teórico-metodológica, foram utilizados o Interacionismo Simbólico e a Grounded Theory. Foram informantes do estudo 20 indivíduos 10 mulheres portadoras de câncer e seus respectivos familiares significantes. Os resultados mostram desde o momento em que elas vivenciam as primeiras percepções sobre a alteração fisiológica em seu corpo, passando pela busca de ajuda profissional, até o recebimento do diagnóstico de câncer. O itinerário apresentado permite conhecer aspectos da realidade experienciada anteriormente ao recebimento do diagnóstico e ressalta a importância de os profissionais valorizarem mais as queixas das pessoas que os procuram, percebendo que se esta procura aconteceu é porque a pessoa está preocupada. Esta atitude pode favorecer a identificação precoce do problema e, por conseguinte, garantir melhor prognóstico e qualidade de vida.Este estudio propone revelar el camino vivido por las mujeres en el proceso de descubierta del diagnóstico de cáncer. Como estrategia teórico-metodológica fueron utilizados el Interaccionismo Simbólico y la Grounded Theory. Fueron investigados durante el estudio 20 individuos 10 mujeres portadoras de cáncer y sus respectivos familiares próximos. Los resultados muestran desde el momento en que ellas notan las primeras diferencias sobre la alteración fisiológica en su cuerpo, pasando por la búsqueda de ayuda profesional hasta el recibimiento del diagnóstico de cáncer. El camino presentado permite conocer aspectos de la realidad vivida anteriormente al recibimiento del diagnóstico y resalta la importancia de que los profesionales valoren más las quejas de las personas que los buscan, percibiendo que si esta búsqueda ocurrió es porque la persona está preocupada. Esta actitud puede facilitar la identificación precoz del problema y

  4. Freqüência de precordialgia em mulheres chagásicas e não-chagásicas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Santos Vitorino Modesto dos

    1998-01-01

    Full Text Available O objetivo do estudo foi comparar a freqüência de precordialgia em mulheres chagásicas com grupo de não-chagásicas. Realizou-se estudo retrospectivo, amostral, do tipo corte transversal, com mulheres (n = 647, de idade 340 anos, chagásicas (n = 362 e controles (n = 285. Precordialgia foi definida por queixa de dor retroesternal relacionada ou não a esforço físico. As chagásicas foram classificadas nas formas indeterminada (n = 125, megas (n = 58 e cardíaca (n = 179. A idade (57,0 ± 11,3 vs 57,3 ± 10,4 anos e porcentagem de brancas (75,8% vs 77,1% foram similares entre chagásicas e controles, respectivamente. Precordialgia foi mais freqüente (p < 0,01 entre chagásicas (14,6% que entre controles (5,6%, com maior prevalência na forma cardíaca (risco relativo = 2,41; variação: 1,38-4,23, fenômeno possivelmente relacionado com distúrbios de inervação autonômica cardíaca ou esofágica, ou da inflamação em território da microcirculação coronariana.

  5. Consumo abusivo de álcool em mulheres Consumo excesivo de alcohol entre las mujeres Heavy alcohol consumption among women

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Graciele Cadahaiane de Oliveira

    2012-06-01

    Full Text Available Este estudo descritivo, exploratório, objetivou caracterizar as mulheres atendidas em um Hospital de Ensino do Noroeste do Paraná, por abuso de álcool, nos anos de 1999 a 2008, segundo variáveis sociodemográficas e dados da intoxicação. Dos 823 atendimentos, a faixa etária mais frequente foi dos 20 aos 49 anos (58,32%. 13 (1,58% mulheres estavam grávidas; 12,5% apresentavam de 9 a 12 anos de estudo. Os destilados foram a principal bebida utilizada, e a ingestão foi mais prevalente no período noturno. Cerca de 156 (18,96% mulheres necessitaram de internamento hospitalar. Evasão hospitalar foi observada em 8,5% dos casos. Conclui-se que a população feminina representa um subgrupo da população suscetível ao abuso do álcool, e, com o perfil descrito neste estudo, foi possível descrever as áreas de impacto na saúde da mulher, possibilitando a implementação de medidas preventivas para diminuir a ocorrência, as complicações e a reincidência nessa população.Este estudio descriptivo, exploratorio tiene por objetivo caracterizar las mujeres que acuden a Hospital Universitario de Paraná en el Noroeste, por abuso de alcohol en los años de 1999 a 2008, según los datos sociodemográficos de la intoxicación y se asocia con trauma y violencia. De los 823 atendimentos la faja de edad más frecuente fue de los 20 a los 49 años (58,32%. 13 (1,58% mujeres estaban embarazadas; 12,5% presentaban de 9 a 12 años de escolaridad.. fonéticamente Los destilados fueron la bebida principal y más prevalente en la noche. Cerca de 156 (18,96% mujeres requirieron hospitalización. La evasión hospitalaria se observó en el 8,5% de los casos. Se concluye que la población femenina representa un subgrupo de la población susceptible al abuso del alcohol y, con el perfil descrito en este estudio, fue posible describir las áreas de impacto en la salud de la mujer, posibilitando la implementación de medidas preventivas para disminuir el

  6. Caracterização da violência física sofrida por prostitutas do interior piauiense

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jardeliny Corrêa da Penha

    2012-12-01

    Full Text Available Trata-se de um estudo descritivo-exploratório, com abordagem quantitativa, que teve por objetivo caracterizar a violência física sofrida por prostitutas piauienses e identificar a prevalência deste agravo. Participaram do estudo 76 prostitutas cadastradas na Associação das Profissionais do Sexo de Picos, município do estado do Piauí. A coleta de dados foi realizada nas zonas de prostituição e na Associação, no período de setembro a outubro de 2010. Os resultados evidenciaram que a maioria das prostitutas era jovem, de baixa renda, baixa escolaridade, apresentava tempo de prostituição superior há dois anos (50%, sendo acometidas principalmente pela violência psicológica (60,5%, seguida da física (30,2%. Os agressores eram conhecidos das vítimas e as mulheres dificilmente realizaram a denúncia. Os resultados foram esclarecedores e levaram a afirmar que é comum a ocorrência de violência em mulheres prostitutas, já que estas trabalham em lugares determinantes de atos violentos.

  7. Problemas ginecológicos mais freqüentes em mulheres soropositivas para o HIV

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Melo Victor Hugo de

    2003-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: apresentar os achados ginecológicos mais freqüentes de uma coorte de 300 mulheres infectadas pelo HIV, acompanhadas ambulatorialmente. MÉTODOS: estudo prospectivo e descritivo de mulheres HIV-soropositivas atendidas em clínica ginecológica, no período de novembro de 1996 a dezembro de 2002. As pacientes foram submetidas ao protocolo de atendimento ginecológico que incluiu anamnese, exame ginecológico, colpocitologia oncótica (Papanicolaou, pesquisa de HPV (PCR e colposcopia. A biópsia cervical, quando necessária, foi realizada. Os dados foram armazenados e analisados no Epi-Info, versão 6.0. RESULTADOS: a idade média foi 34,5 anos. Destaca-se o pequeno número de parceiros sexuais, média de três parceiros, e a predominância do contágio heterossexual: 271 (90,6% pacientes adquiriram o vírus por meio do contato sexual com seus parceiros. Foi alta a prevalência de neoplasias intra-epiteliais cervicais (NIC, representando 21,7% do total da amostra. Dentre as 109 pacientes submetidas a PCR encontraram-se 89 (81,7% com algum genótipo do HPV. Esfregaço inflamatório à citologia esteve presente em 69% das pacientes. CONCLUSÕES: a infecção pelo HIV se associa com freqüência a NIC e a processos infecciosos genitais, em especial o HPV.

  8. Recursos sociais para apoio às mulheres em situação de violência em Ribeirão Preto, SP, na perspectiva de informantes-chave

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manoel Antônio dos Santos

    Full Text Available Objetivou-se conhecer as organizações envolvidas no atendimento de mulheres em situação de violência, considerando a rede de agências e equipamentos sociais disponíveis. Utilizou-se abordagem qualitativa com entrevistas semiestruturadas a 11 representantes de instituições como: Polícia Militar, Delegacia de Defesa da Mulher, Conselho tutelar, juízes e promotores da Vara de Infância e Juventude, Vara Criminal e voluntários de duas ONGs. Pela análise de conteúdo, os resultados foram sistematizados em três categorias: missão da organização, limites da atuação e inserção no fluxo de atendimento - e apontaram que os entrevistados, de maneira geral, mostram-se sensibilizados e informados sobre a questão da violência contra a mulher (VCM. Os serviços não têm conhecimento da amplitude da rede de apoio e por isso atuam de modo desarticulado. Em consequência, o fluxo de atendimento pode ficar fragmentado e não permitir acompanhamento em todos os níveis. Os dados indicam necessidade de maior entrosamento e capacitação para profissionais.

  9. Recursos sociais para apoio às mulheres em situação de violência em Ribeirão Preto, SP, na perspectiva de informantes-chave

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manoel Antônio dos Santos

    2011-03-01

    Full Text Available Objetivou-se conhecer as organizações envolvidas no atendimento de mulheres em situação de violência, considerando a rede de agências e equipamentos sociais disponíveis. Utilizou-se abordagem qualitativa com entrevistas semiestruturadas a 11 representantes de instituições como: Polícia Militar, Delegacia de Defesa da Mulher, Conselho tutelar, juízes e promotores da Vara de Infância e Juventude, Vara Criminal e voluntários de duas ONGs. Pela análise de conteúdo, os resultados foram sistematizados em três categorias: missão da organização, limites da atuação e inserção no fluxo de atendimento - e apontaram que os entrevistados, de maneira geral, mostram-se sensibilizados e informados sobre a questão da violência contra a mulher (VCM. Os serviços não têm conhecimento da amplitude da rede de apoio e por isso atuam de modo desarticulado. Em consequência, o fluxo de atendimento pode ficar fragmentado e não permitir acompanhamento em todos os níveis. Os dados indicam necessidade de maior entrosamento e capacitação para profissionais.

  10. Associação entre o nível de atividade física e a área de gordura visceral em mulheres pós-menopáusicas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristiano Penas Seara Pitanga

    2014-08-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: O aumento da gordura visceral abdominal está associado à redução dos níveis de atividade física habitual e gera na mulher pós-menopáusica, o surgimento da doença da inatividade física, caracterizada pela manifestação de um conjunto de patologias, entre as quais se incluem diabetes mellitus do tipo 2 e doenças cardiovasculares. Por outro lado, a atividade física regular parece ter impacto significativo na prevenção tanto da gordura intra-abdominal quanto das complicações metabólicas e cardiovasculares.OBJETIVO: Verificar a associação entre a caminhada e a atividade física de moderada intensidade com a área de gordura intra-abdominal em mulheres pós-menopáusicas.MÉTODOS: A amostra foi composta por 239 mulheres com média de idade de 57,4 ± 6,6 anos participantes do programa "Menopausa em Forma". Para análise da atividade física foi utilizado o IPAQ versão longa. Consideraram-se os valores de 1.601 kcal/semana na caminhada e 2.283 kcal/semana na atividade física de moderada intensidade como suficientes para prevenção do excesso de gordura intra-abdominal. Utilizou-se a análise de regressão logística para estimar a odds ratio (OR, com intervalo de confiança de 95%.RESULTADOS: Após análise multivariada observou-se que a caminhada ofereceu proteção contra o excesso de gordura intra-abdominal, principalmente nas mulheres com períodos menstruais regulares, OR = 0,22 (0,08-0,62 e que não fazem reposição hormonal, OR = 0,05 (0,01-0,49. Já o nível de atividade física de intensidade moderada ofereceu proteção contra a gordura intra-abdominal independentemente da reposição hormonal ou dos períodos menstruais regulares, OR = 0,37 (0,14-0,66.CONCLUSÃO: A caminhada e principalmente o nível de atividade física de moderada intensidade podem ser importantes para prevenção do excesso de gordura intra-abdominal e suas complicações metabólicas e cardiovasculares em mulheres pós-menopaúsicas.

  11. Conceitos, causas e repercussões da violência sexual contra a mulher na ótica de profissionais de saúde

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana da Fonseca Bezerra

    2016-03-01

    Full Text Available Objetivo: Analisar os sentidos atribuídos por profissionais de saúde aos conceitos, causas e repercussões da violência sexual contra a mulher. Método: Estudo qualitativo realizado com 68 profissionais de saúde de nível superior integrantes de equipe multiprofissional de nove hospitais públicos do município de Fortaleza/CE, entre agosto e dezembro de 2013, por meio de entrevista semiestruturada, a qual norteou a coleta de dados, sendo estes submetidos à análise temática dos núcleos de sentido que emergiram. Resultados: Entre os sentidos atribuídos ao conceito de violência sexual, destacam-se a violação dos direitos humanos e ênfase na perpetuação das questões de gênero; quanto às causas, sobressaiu o machismo, a existência de patologias do agressor e a reprodução da violência familiar – as repercussões atingem aspectos psicológicos, além da exposição a doenças e agressões físicas. Conclusão: O estudo possibilitou a análise dos sentidos atribuídos à violência sexual pela ótica dos profissionais de saúde investigados, que divergiram sobre a desigualdade de gênero e contexto social, cujas causas foram apontadas como sendo a cultura machista, a falta de informação das mulheres sobre os seus direitos e as questões sociais. Observou-se a dificuldade dos profissionais em trabalhar com o tema.

  12. Colpocitologia de mulheres com diagnostico de adenocarcinoma do colo do utero

    OpenAIRE

    Nascimento,Maria Isabel do; Rocha,Luana Bezerra da

    2014-01-01

    OBJETIVO: Analisar os achados citológicos de mulheres detectadas com adenocarcinoma do colo do útero, levando em conta o histórico da paciente no ano que antecedeu ao diagnóstico e a histopatologia das lesões. MÉTODOS: Este é um estudo comparativo, retrospectivo conduzido com dados de mulheres com adenocarcinoma ou com carcinoma escamoso do colo do útero detectados entre 2002 e 2008. Os laudos da citologia foram sintetizados de acordo com a termino...

  13. RACISMO CORDIAL DESCONSTRUÍDO:UMA LEITURA PÓS-POSITIVISTA DO PAPEL DA MULHER NEGRA NO BRASIL COLONIAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana do Carmo Figueiredo

    2013-10-01

    Full Text Available RESUMO:Este artigo tem como objetivo fazer uma leitura do papel social do escravo no Brasil regencial, destacando-se os aspectos feministas da luta da mulher negra contra o cativeiro e pela manutenção do núcleo familiar formado na colônia. O fio condutor será o livro Slave Life in Rio de Janeiro 1808 - 1850 (A vida escrava no Rio de Janeiro 1808 – 1850, tese de doutorado da pesquisadora norte-americana Mary Karasch. Ela é apontada por defensores de teorias feministas como aquela que fez o dever de casa de História do Brasil, contrariando o mito propagado por Gilberto Freire de que havia uma relação harmônica entre a casa grande e a senzala, o quepropiciava a possibilidade de ascensão social ao escravo brasileiro.PALAVRAS-CHAVE: construtivismo; feminismo; mulher negra; construção social; relações internacionais.   ABSTRACT: This article aims to make a reading of the social role ofthe slave in Brazil regency period, highlighting the feminist aspects of the black women fight against captivity and for the maintenance of the family unit formed in the colony. The common thread is the book Slave Life in Rio de Janeiro 1808 – 1850, the doctoral thesis by American researcher Mary Karasch. She is pointed by feminist scholars as the one that did the History of Brazil homework, contrary to the myth propagated by Gilberto Freire work that there was a harmonius relationship between the big house and the slave quarters, which fed the possibility of social mobilitiy to the Brazilian slaves.   KEYWORDS:  constructivism; feminism; black woman; social construction; international relations.Recebido: 07/12/2013      Aceito: 06/07/2013

  14. Adaptabilidade e estabilidade de genótipos eretos de amendoim cultivados nas regiões Nordeste e Centro-Oeste

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Felipe Matheus Teles de Vasconcelos

    2015-08-01

    Full Text Available O presente trabalho teve por objetivo estimar a estabilidade e a adaptabilidade de oito genótipos de amendoim ereto e comparar os modelos de análise de EBERHART & RUSSELL (1966, WRICKE (1965 e LIN & BINNS (1988, baseando-se em dados de produtividade de vagens e sementes. Os genótipos de amendoim foram avaliados em 14 ambientes situados nas Regiões Nordeste e Centro-Oeste, durante os anos de 2006 a 2011, sob o delineamento de blocos ao acaso com cinco repetições. Verificou-se que, entre os três métodos estudados, os de EBERHART & RUSSELL(1966 e LIN & BINNS (1988 geraram informações concordantes para estimativas de adaptação e estabilidade de produção de vagens e sementes, baseando-se nas condições deste estudo. Os genótipos L7 Bege e BRS 151 L7 foram os mais produtivos, com adaptabilidade específica a ambientes favoráveis, enquanto que CNPA 280 revelou adaptabilidade ampla e alta estabilidade fenotípica.

  15. Gênero e agricultura: a situação da mulher na agricultura do Rio Grande do Sul Gender and agriculture: the situation of women in agriculture in the state of Rio Grande do Sul

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anita Brumer

    2004-04-01

    Full Text Available O texto examina as formas de inserção das mulheres na agricultura familiar, procurando explicar a seletividade de gênero do processo migratório. Primeiramente, aborda a distribuição da população, por sexo e por grupos de idade, em diversas regiões do Estado do Rio Grande do Sul, caracterizando o maior índice de emigração de mulheres jovens do que dos demais grupos etários e de sexo. Depois, trata da divisão do trabalho por sexo e idade, dos efeitos da modernização sobre o trabalho agrícola, da inserção dos jovens no trabalho da unidade produtiva familiar, das atividades fora da agricultura e dos procedimentos utilizados pelos produtores agrícolas para a transmissão da propriedade rural para os filhos. Finalmente, discute o possível efeito do acesso das mulheres rurais à Previdência Rural sobre suas perspectivas de permanecer ou não na atividade agrícola.The paper examines the forms of insertion of women in the agricultural farm, with the purpose of explaining the gender selectivity of migration. Firstly, it deals with the population distribution, by sex and age groups, in different regions of the state of Rio Grande do Sul, in order to characterize the higher emigration of young women in comparison with other groups. Afterwards, it deals with the division of work by sex and age, the effects of modernization upon the agricultural work and the ways in which the farmers transfer their property to the children. Finally it discusses the possible effects of the access of rural women to the Social Security on their perspectives of remaining or not in the agricultural activity.

  16. Relações entre identidade, linguagem e cultura: o léxico da culinária em A casa das sete mulheres

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giselle Olivia Mantovani Dal Corno

    2014-12-01

    Full Text Available Em um universo cultural, há regras de convivência social permeando todo o cotidiano. Uma das funções da cultura é permitir a adaptação do indivíduo à sociedade, já que é pela herança cultural que a comunicação se instaura. Não apenas pela linguagem, mas também por seu comportamento, os indivíduos assumem determinada identidade, construída a partir da cultura. Esta, por sua vez, expressa-se por referenciais linguísticos. Dessa perspectiva, o presente artigo tem como objetivo proceder a uma análise das relações existentes entre identidade, linguagem e cultura pelo estudo do léxico relativo à culinária no romance A casa das sete mulheres, de Leticia Wierzchowski, a partir do qual se busca observar como a construção da identidade regional gaúcha é retratada na obra.

  17. Cytotec e aborto: a polícia, os vendedores e as mulheres Cytotec and abortion: the police, the vendors and women

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Debora Diniz

    2012-07-01

    Full Text Available Este artigo analisa o comércio ilegal do medicamento abortivo misoprostol no Brasil, com base no estudo de dez casos que alcançaram o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios entre 2004 e 2010. Os dados foram assim organizados: 1. história das mulheres; 2. perfil dos vendedores; 3. casos de morte materna. Os resultados mostram que: 1. mulheres jovens, em relacionamento afetivo, fazem uso doméstico do misoprostol sozinhas ou com auxílio dos vendedores. Das sete mulheres indiciadas, três foram denunciadas ao chegar ao hospital público para finalização do aborto; 2. os vendedores são funcionários de farmácias e referências locais para o comércio do misoprostol. Eles informam as mulheres sobre uso do medicamento e prevenção de infecções, mas se recusam a socorrê-las em caso de emergência. Os traficantes atuam pela internet e possuem um estoque mais amplo de medicamentos; 3. houve duas mortes maternas por métodos invasivos combinados ao misoprostol. As principais causas de óbito são a demora em buscar auxílio médico por medo de denúncia policial e o uso combinado do misoprostol com métodos de alto risco.This paper analyzes the illegal trade in misoprostol, the medication predominantly used for abortion in Brazil. The study analyzed ten cases that came to the attention of the Public Prosecution Service for the Federal District between 2004 and 2010. The cases were organized into three categories: 1. women's stories; 2. profile of the vendors; 3. maternal mortality cases. The research was reviewed by an ethics committee. The main outcomes were: 1. young women in steady relationships use misoprostol in the home or with the assistance of drug vendors. Of the seven women indicted, three were reported on arrival at the public hospital to finalize abortion; 2. the drug vendors work at the community drugstore and are local agents for the sale of misoprostol. They instruct women on how to use the drug and how to

  18. A Negociação de Gênero da compositora Kaija Saariaho na Finlândia: a Mulher Compositora como Sujeito Nômade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pirkko Moisala

    2015-12-01

    Full Text Available Este texto é a minha interpretação da negociação de gênero da compositora finlandesa Kaija Saariaho na Finlândia. Eu demonstro, através da análise da recepção pública de Saariaho e de suas experiências, como acontecem a negociação de gênero da identidade de gênero e o aparecimento de uma mulher compositora, como processos contínuos, entre as esferas da alteridade convencional (a categoria socialmente construída de mulheres compositoras e as experiências da vida real. A análise é feita através das lentes teóricas oferecidas por DE LAURETIS (1988, CITRON (1993, FOUCAULT (1984 e pela epistemologia das transições nômades de BRAIDOTTI (1991, 1994. Reivindico que Saariaho negociou seu gênero não "dentro" do sistema dominado pelos homens, mas "com" ele, definindo uma nova posição de gênero de sujeito: a posição de sujeito nômade.

  19. O significado da menopausa e os fatores que interferem no relacionamento sexual da mulher

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Fátima Carvalho Fernandes

    1995-12-01

    Full Text Available O estudo analisa os condicionantes que interferem no relacionamento sexual da mulher menopausada, utilizando a pesquisa qualitativa. Foram entrevistadas 15 mulheres do SESI da Pajuçara, Centro de Saúde Maracanaú, e outras residentes em Fortaleza, durante o período de maio a junho de 1992. As mulheres responderam que acham a menopausa uma fase difícil em suas vidas, Sintomas como ondas de calor, dores de cabeça, hemorragia vaginal e irritação estão presentes. Ocorre desmotivação, cansaço sexual e falta de interesse pelo sexo.

  20. O cálcio consumido por adolescentes de escolas públicas de Osasco, São Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    LERNER Barbara Regina

    2000-01-01

    Full Text Available No ano 2 000 a população brasileira contará com mais de 14 milhões de idosos e a osteoporose se destaca como uma das enfermidades que afetará pelo menos 3 em cada 20 mulheres brasileiras. Uma das medidas preventivas é assegurar o consumo adequado de cálcio dietético para garantir que o indivíduo atinja o pico de massa óssea geneticamente determinado (que se dá entre os 25 e 30 anos, mantenha esta massa na idade adulta e apresente perda mínima na velhice. O objetivo do estudo foi o de conhecer e avaliar o consumo de cálcio por adolescentes de escolas públicas do Município de Osasco, tendo em vista a prevenção da osteoporose. Foi estudado o consumo alimentar de 323 alunos de 5ª e 8ª séries de 8 escolas localizadas nas regiões central e periférica do município. Utilizou-se a média de registro alimentar de 3 dias alternados. O consumo médio diário de cálcio e a porcentagem de cálcio oriunda de alimentos lácteos não foram significativamente diferentes entre homens e mulheres. Somente 6,2% dos homens e 2,8% das mulheres apresentaram consumo de cálcio acima de 1200 mg/dia. Houve diferenças significativas entre as regiões geográficas com relação ao consumo de energia, de cálcio, assim como para a porcentagem de cálcio oriundos de alimentos lácteos e para a densidade do mineral na dieta. A média de cálcio ingerido do quartil mais alto (1015 mg/dia não atinge a recomendação (1200 mg/dia. Os alimentos lácteos mais consumidos foram leite, queijo, sorvete e iogurte. O leite foi o alimento mais citado por todos os adolescentes, porém a quantidade difere entre os gêneros; as mulheres ingerem cerca de 190 ml por dia enquanto os homens tomam 240 ml.O consumo de cálcio dos adolescentes está muito abaixo das recomendações atuais, refletindo-se na baixa densidade do mineral na dieta diária. Seria desejável uma densidade de pelo menos 550 mgCa/1000 Kcal para alcançar os 1200 mg diários recomendados. É necess

  1. Mortalidade e incapacidade por doenças relacionadas à exposição ao tabaco no Brasil, 1990 a 2015

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruno Piassi de São José

    Full Text Available RESUMO: Introdução: A epidemia global do tabaco já assumiu proporções de pandemia, com cerca de 1,3 bilhão de usuários e 6 milhões de mortes anuais. Objetivo: Este trabalho teve como objetivo analisar as tendências de mortalidade por doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC e câncer de pulmão, lábios, cavidade oral, faringe e esôfago, no Brasil, entre 1990 e 2015. Métodos: O estudo foi viabilizado mediante parceria entre o Instituto Métricas e Avaliação em Saúde (IHME, da Universidade de Washington, Ministério da Saúde e o grupo técnico GBD Brasil, utilizando análise de estimativas do estudo Carga Global de Doenças 2015. Resultados: As taxas de mortalidade por DPOC caíram, já que, em 1990, foi de 64,5/100.000 habitantes e, em 2015, 44,5, queda de 31%. Para os vários tipos de câncer relacionados ao tabaco, a queda foi em menor proporção do que a verificada para DPOC. A mortalidade por câncer de pulmão permaneceu estável, com taxa de 18,7/100.000 habitantes, em 1990, e 18,3/100.000 habitantes, em 2015. Entre as mulheres, observa-se curva ascendente, com aumento de 20,7%. Discussão: O estudo aponta o tabaco como fator de risco para mortalidade prematura e incapacidades por DPOC e câncer. A importante redução da prevalência do tabaco nas últimas décadas poderia explicar reduções nas tendências de doenças relacionadas com o tabaco. A maior mortalidade por câncer de pulmão em mulheres pode expressar o aumento tardio do tabagismo nesse sexo. Conclusão: Ações nacionais nas últimas décadas têm tido grande efeito na diminuição da mortalidade de doenças relacionadas ao tabaco, mas ainda há grandes desafios, principalmente quando se trata de mulheres e jovens.

  2. Para que serve a mulher do anúncio? : um estudo sobre representações de gênero nas imagens publicitárias

    OpenAIRE

    Zamboni, Júlia Simões

    2013-01-01

    Esta dissertação analisa as imagens publicitárias que envolvem o corpo e a sexualidade femininos em anúncios de cerveja, lingerie e jeanswear. Foram incluídos também anúncios recepcionados pelo Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar), por denúncia de desrespeito às mulheres. O objetivo é entender as representações de gênero construídas pelo discurso publicitário a partir da ótica do construtivismo de gênero. A análise empreend...

  3. Planejamento familiar: a autonomia das mulheres sob questão Family planning: a matter of women's choice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Maria Costa

    2006-03-01

    Full Text Available OBJETIVOS: verificar as condições de acesso das mulheres às atividades de atenção e aos métodos contraceptivos no Brasil. MÉTODOS: inquérito exploratório por questionário auto-aplicado em amostra de municípios, probabilística, aleatória e estratificada por região geográfica e por dimensão populacional. RESULTADOS: os resultados, obtidos por aplicação de fatores de expansão da amostra, abrangem 5507 municípios. Destaca-se a elevada priorização do planejamento familiar associado à região geográfica e ao tamanho do município. A estimativa de cobertura atendida está associada à modalidade de gestão.O diafragma não é oferecido por 79,5% de 5.358 municípios e apenas 6,6% deles atendem à demanda por diafragma superior a 75%, contrastando com os injetáveis, para os quais 13,4% de 5314 municípios conseguem atender a mais que 75% da demanda. A atenção à infertilidade não é realizada em 72,9% dos municípios brasileiros (n=5349 e, em apenas 5,9% deles, são atendidas demandas superiores a 75%. CONCLUSÕES: os resultados encontrados denunciam a dissociação entre as práticas educativas e a rotina de atenção ao planejamento familiar; restrições qualitativas e quantitativas de acesso aos métodos contraceptivos e ainda a baixa oferta de atenção à infertilidade. Ficam evidentes as condições de comprometimento do exercício da autonomia das mulheres quanto a livre escolha dos métodos contraceptivos.OBJECTIVES: to investigate women's access to contraceptive methods. METHODS: inquiry through a self-applied survey of a random sample (divided into geographic regions and population size. The study comprised all 5507 Brazilian municipalities. RESULTS: an outstanding number of municipalities place a high priority on family planning in relation to geographic region and size. As for contraception availability, 79.5% of 5358 municipalities do not provide diaphragms, and only 6.6% meet over 75% of the demand. In contrast

  4. Infestacion domestica por triatoma infestans y prevalencia de seropositivos al Trypanosoma cruzi en un area rural del nordeste argentino

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M. Esther Bar

    1996-12-01

    Full Text Available Se llevó a cabo un estúdio epidemiológicopara obtener unpanorama general de la transmisión doméstica del Trypanosoma cruzi en áreas rurales del Departamento San Miguel, Conientes, Argentina. Se investigaron 100 viviendas precarias, 50,0% de las mismas resultó infestado por Triatoma infestans y 1,0% por T. sórdida, citãndose por primera vez para la provinda de Comentes la colonización domiciliaria de esta especie. El 23,1% de T. infestans estaba infectado por T. cruzi. La seroprevalencia de 388 pacientes analizados por hemaglutinacíôn indirecta e inmunofluorescencia indirecta fue 23,4%, destacándose el alto índice (12,9% constatado en menores de 10 anos. Losporcentajes de seropositividad aumentaron con la edad, alcanzándose 50,0% de infectados entre los 31-40 anos. La infestación doméstica por T. infestans, la prevalencia humana de seropositivos al T. cruzi y las condiciones deprecariedad en que se desenvuelve la vida de los pobladores revelan la vigência de la endemia chagãsica en el área estudiada.

  5. Mulheres soropositivas para o HIV e seus companheiros frente à decisão pela gestação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Peixoto Cordova

    2013-02-01

    Full Text Available Estudo exploratório descritivo, com abordagem qualitativa, que objetivou investigar os motivos que levam mulheres soropositivas para o HIV e seus companheiros a decidirem engravidar, tendo em vista o risco da transmissão vertical e da contaminação ou reinfecção do parceiro. Participaram do estudo seis gestantes. A coleta de dados foi realizada por questionário semiestruturado, sendo os dados organizados no software NVivo 2.0 e interpretados por meio da análise de conteúdo do tipo temática. Da análise emergiram três temas: Planejamento da Gravidez; Conhecimento sobre Transmissão e Tratamento do HIV/AIDS; Vivendo no Contexto HIV/AIDS. A importância do estudo reside no fato de que, apesar do risco da transmissão vertical e da contaminação do parceiro ser conhecido pelo casal, isto não interfere no desejo de serem pais.

  6. Mulher no climatério: reflexões sobre desejo sexual, beleza e feminilidade Women in the climacteric: reflections on sexual desire, beauty and femininity

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cecília Nogueira Valença

    2010-06-01

    Full Text Available O climatério é um período abrangente da vida feminina, caracterizado por alterações metabólicas e hormonais que trazem mudanças envolvendo o contexto psicossocial. Tendo como referência as alterações de sexualidade vivenciadas no climatério, este trabalho tem por objetivo refletir sobre desejo sexual, beleza e feminilidade da mulher nessa fase. A metodologia adotada consistiu em estudo bibliográfico, em livros e artigos publicados, entre 1999 e 2009. A exigência exacerbada pela beleza eterna e jovialidade é agravada no climatério, no qual o corpo feminino não tem o mesmo vigor físico pelas alterações decorrentes do envelhecimento. A mulher climatérica vive o mito da perda do desejo sexual, todavia, continua a sentir prazer, não devendo deixar de manifestar amor e sexualidade. A visão social estereotipada sobre o papel da mulher (esposa e mãe pode interferir negativamente na visão das mulheres sobre si mesmas e no seu relacionamento com as pessoas e o mundo. Nesse sentido, é importante que as mulheres tenham acesso à informação em saúde para a compreensão das mudanças do período de climatério/menopausa, contemplando e ressignificando tal fase como integrante de seus ciclos de vida e não como sinônimo de velhice, improdutividade e fim da sexualidade.The climacteric is a long period of a woman's life, characterized by metabolic and hormonal alterations that bring changes involving the psychosocial context. Having as reference the sexuality alterations experienced in the climacteric, this literature review aims to reflect on women's sexual desire, beauty and femininity in this phase. The methodology involved a bibliographic study of papers and books published between 1999 and 2009. The exaggerated need of eternal beauty and youth is aggravated in the climacteric, when the female body does not have the same physical vigor due to alterations deriving from aging. The climacteric woman lives the myth of loss of sexual

  7. Motivos de rejeição aos métodos contraceptivos reversíveis em mulheres esterilizadas Reasons why sterilized women refused reversive contraceptive methods

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marta Lucia de Oliveira Carvalho

    2005-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar as representações sobre os métodos contraceptivos que poderiam ser alternativas à esterilização, para um grupo de mulheres esterilizadas, visando a entender os motivos de rejeição a esses métodos. MÉTODOS: Trata-se de trabalho descritivo, qualitativo, cuja população estudada foi constituída por 31 mulheres esterilizadas, aleatoriamente selecionadas da listagem de pacientes atendidas pelo Programa de Planejamento Familiar de um ambulatório de um hospital universitário. As informações foram obtidas das mulheres estudadas por meio de entrevistas semi-estruturadas. As transcrições foram analisadas segundo o método de Análise de Conteúdo. RESULTADOS: A rejeição aos métodos contraceptivos esteve baseada em representações resultantes de informações técnicas recebidas em serviços de saúde, de vivências anteriores com esses métodos ou de informações recebidas do meio social. A rejeição aos métodos hormonais e DIU baseou-se principalmente em representações de baixa inocuidade; os métodos comportamentais (Tabela, Billings foram rejeitados por representações de baixa eficácia; os métodos de barreira (diafragma e camisinha, por dificuldades no uso desses métodos relacionados a padrões culturais de exercício da sexualidade e representações de baixa eficácia. CONCLUSÕES: A opção pela esterilização feminina pode ser indicativa de rejeição às alternativas contraceptivas oferecidas pelos serviços de saúde. Os profissionais da área de saúde reprodutiva devem aprofundar seu conhecimento sobre os fatores pessoais, socioeconômicos e culturais que podem influenciar as mulheres na procura por um método contraceptivo que assegure maior controle de sua própria fecundidade.OBJECTIVE: To identify the representations of contraceptive methods within a group of sterilized women, aiming at understanding the reasons why they refused those methods. METHODS: A descriptive qualitative study

  8. Um caso de leucismo em pardal, Passer domesticus (Linnaeus, 1758 em uma ilha do rio São Francisco, nordeste do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo Barros Ribeiro

    2011-10-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.5007/2175-7925.2012v25n1p187 O leucismo em aves é uma anomalia genética caracterizada pela ausência total de melanina em algumas ou em todas as penas, porém, ao contrário do albinismo, as outras partes do corpo, tais como olhos, bico e tarsos permanecem com a coloração típica da espécie. O pardal Passer domesticus é uma ave nativa da Europa, Ásia e norte da África e foi introduzido na América do Norte, América do Sul, África do Sul, Austrália e Nova Zelândia. Atualmente, é a espécie de ave com a maior distribuição geográfica. Relatamos, aqui, o registro de um indivíduo leucístico de Passer domesticus na ilha do Rodeadouro, rio São Francisco, nordeste do Brasil.

  9. A histerectomia simples realizada no menacme e a densidade mineral óssea da mulher na pós-menopausa Pre-menopausal simple hysterectomy and post-menopausal female bone mineral density

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Daniel Hobeika

    2002-12-01

    Full Text Available O objetivo foi avaliar a densidade mineral óssea de mulheres na pós-menopausa, com o antecedente de histerectomia com conservação ovariana bilateral, realizada no menacme, comparadas a um grupo de mulheres com menopausa natural, não histerectomizadas. Tratou-se de um estudo de corte transversal, com trinta mulheres na pós-menopausa e histerectomizadas no menacme e 102 mulheres menopausadas naturalmente, comparando-se as respectivas densitometrias ósseas, em nível do fêmur e coluna lombar. A análise mostrou que as variáveis idade e índice de massa corporal estavam fortemente associadas à densidade mineral óssea do fêmur e da coluna lombar, sendo o índice de massa corporal diretamente e a idade inversamente associados. Posteriormente, as trinta mulheres histerectomizadas, foram pareadas por idade e índice de massa corporal, com trinta mulheres não-histerectomizadas, não apresentando diferenças estatisticamente significantes da densidade mineral óssea. Esses resultados sugerem que a histerectomia com conservação ovariana bilateral, realizada em mulheres no menacme, não parece ocasionar redução adicional da massa óssea, quando avaliadas na pós-menopausa.This study aimed to evaluate the bone mineral density (BMD of post-menopausal women with previous pre-menopausal hysterectomy including bilateral ovarian conservation compared to a group of non-hysterectomized women with natural menopause. Data from a cross-sectional study of 30 pre-menopausally hysterectomized women evaluated in the post-menopause were compared with 102 naturally post-menopausal women, analyzing their respective bone densitometry, measuring the femoral and lumbar spinal BMD. Multiple regression analysis of the 132 women showed that age and body mass index (BMI were heavily associated with femoral and lumbar spinal BMD, BMI directly associated, and age inversely associated with BMD. In addition, 30 hysterectomized women were matched by age and BMI to the

  10. Benefícios sobre a intensidade da dor, qualidade de vida e incapacidade de mulheres com dismenorreia submetidas a exercícios gerais versus método de Pilates: estudo-piloto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruna Cristina Taques Peruzzo

    2015-05-01

    Full Text Available Introdução: Dismenorreia primária é um distúrbio ginecológico caracterizado por dor relacionada à menstruação, sem causa patológica. Objetivo: Verificar e comparar a intensidade da dor, a incapacidade e a qualidade de vida em mulheres com dismenorreia primária submetidas a exercícios gerais versus Pilates. Métodos: Participaram do estudo 14 mulheres aleatorizadas em grupo de exercícios gerais (19,14±1 anos e de Pilates (20,57±1,8 anos. Ambos os grupos realizaram duas sessões por semana durante 50 minutos, no período de dois meses e meio, totalizando 20 sessões. O grupo de exercícios gerais realizou alongamentos e fortalecimentos dos músculos abdominais, lombares e assoalho pélvico. O grupo de Pilates, por sua vez, praticou exercícios para conscientização de pelve, com contrações do transverso e reto do abdômen, glúteos, períneo e eretores da coluna. As participantes responderam aos questionários de índice de incapacitação de Oswestry para dor lombar, Escala Visual Analógica (EVA, para medir a intensidade da dor e ao Questionário de Qualidade de Vida SF-36, antes e após a intervenção. Os dados foram considerados estatisticamente significantes quando p<0,05. Resultados: Foram encontradas melhoras significativas após a intervenção em ambos os grupos, em todas as avaliações. Em relação à diferença entre os grupos, na avaliação sobre a incapacitação para dor lombar, o  grupo de exercícios gerais teve melhor resultado (p<0,003 do que o grupo de Pilates, assim como no domínio de estado da saúde (0,03 do Questionário SF-36. Conclusão: A prática de exercícios físicos gerais e Pilates por mulheres com dismenorreia podem reduzir a dor e a incapacidade e melhorar a qualidade de vida.

  11. Mulher: sonho, razão e poder

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flávia Regina Ramos Gonzaga

    1992-09-01

    Full Text Available O texto apresenta uma síntese do filme "Mulher: Sonho, Razão e Poder", no qual as autoras discutem as relações de poder presentes no cotidiano de uma enfermeira. 0 eixo principal se estabelece em torno da condição da mulher e da enfermagem profissional na sociedade brasileira. A reflexão, enriquecida com recortes de vários .átudiosos contemporâneos do tema "poder", percorre três momentos: - o confronto consigo mesma, - o despertar para a realidade, e - a tomada de consciência do poder. O objetivo do trabalho foi estabelecer a trajetória do processo de amadurecimento pessoal e profissional que culmina numa nova visão de si e da profissão e recupera a consciência da diversidade e do potencial de oposição às forças que condicionam a realidade impondo-lhe novo rumo.

  12. Retenção da capacidade funcional em mulheres idosas após a cessação de um programa de treino multicomponente: estudo longitudinal de 3 anos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis Filipe Leitão

    2015-12-01

    Full Text Available A atividade física proporciona benefícios para a saúde e qualidade de vida de mulheres idosas. Ainda são escassos os estudos longitudinais em mulheres idosas com duração superior a um ano de prática de exercício físico. Assim o objetivo do estudo foi analisar os efeitos de três anos de treino multicomponente na capacidade funcional de mulheres idosas. Métodos: 51 mulheres (66.7±5.30 anos e 159±0.11cm participaram ao longo de três anos num programa constituído por períodos de nove meses de treino multicomponente seguidos de três meses de destreino. As avaliações decorreram no início/fim de cada período de treino e destreino. Resultados: No 1º, 2º e 3º ano verificaram-se aumentos estatisticamente significativos em todos os parâmetros da capacidade funcional (p<0.05. No entanto, o 2º ano revelou ser o período de treino onde observamos os maiores aumentos nos testes T6M (7.43%, SA (383.33%, AC (40.33%, FA (13.05% e LS (12.5% (p<0.05. Os testes T6M, LS, FA, AC, SA melhoraram entre 4.17% a 576.60% em todos os períodos de treino e diminuíram entre 3.21% a 85.31% em todos os períodos de destreino. Conclusões: Três anos de treino multicomponente contribuíram para a melhoria da capacidade funcional em mulheres idosas, principalmente no 2º ano de intervenção.

  13. Mulheres em situação de abortamento: estudo de caso Women in abortion situation: a case study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Georgia Bianca Martins Bertolani

    2010-06-01

    Full Text Available Este trabalho pretende, por meio da abordagem qualitativa e a partir de estudo de caso, analisar as narrativas de 19 mulheres em situação de abortamento, que foram atendidas no Hospital da Universidade Federal do Espírito Santo (Hucam do município de Vitória. A coleta dos dados foi realizada com o uso de técnicas de observação participante, entrevista com roteiro semiestruturado, registro em diário de campo e análise de prontuário. Os dados se apresentam a partir da construção de narrativas, segundo o modelo proposto por Bourdieu (2003; a análise das entrevistas gravadas seguiu a orientação de Pope e colaboradores (2006, com a consequente construção de categorias empíricas emergentes das narrativas. As categorias emergentes das narrativas das mulheres foram divididas em quatro: as experiências reprodutivas; como as mulheres perceberam-se grávidas; a experiência do abortamento; e o atendimento nos serviços de saúde. Os resultados demonstraram que a assistência não contempla suas necessidades de saúde, nem respeita seus direitos reprodutivos. Elas caracterizam o atendimento como ruim, ineficiente, preconceituoso, independentemente de terem provocado ou não o abortamento.This research intends to analyze, through a qualitative approach and a case study, the narratives of 19 women in abortion situation, who were assisted in the HUCAM (Hospital of the Federal University of the city of Vitoria, state of Espírito Santo. The data collection was made through participative observation techniques, semi-structured interviews, registrations on a field notebook and analysis of the women's medical records. The data were presented through the construction of narratives, following the model proposed by Bourdieu (2003; the analysis of the recorded interviews followed the orientation of Pope et al. (2006, with the construction of empiric categories that emerged from the narratives. Four categories emerged from the women's narratives

  14. Atendimento às mulheres vítimas de violência sexual: um estudo qualitativo The services for women victims of sexual violence: a qualitatif study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eleonora Menicucci de Oliveira

    2005-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o funcionamento de serviços públicos de atendimento a mulheres vítimas de violência sexual. MÉTODOS: Estudo de natureza qualitativa realizado em dois serviços públicos de atendimento às mulheres vítimas da violência sexual. Foram realizadas entrevistas com 42 mulheres, sendo 13 que buscaram os serviços e 29 profissionais que trabalhavam nas equipes. A avaliação teve por referência as categorias: acolhimento, acesso, resolutividade e responsabilidade sanitária. RESULTADOS: A análise das entrevistas por categorias revelou haver acolhimento em ambos os serviços, dificuldade de acesso por falta de informação da existência desses serviços, resolutividade de qualidade com equipe multiprofissional. Quanto à responsabilidade sanitária, ela existe nesses serviços especializados, mas é deficiente nos pronto-socorros e unidades básicas de saúde. Muitas mulheres desconhecem os direitos que lhes garantem serviço especializado. Muitas vezes chegam tardiamente aos serviços comprometendo sua eficácia. Há deficiência na referência e contra-referência. CONCLUSÕES: As conclusões permitem ratificar a importância desses serviços de atendimento, a necessidade de sua ampliação descentralizada e a inserção da temática da violência sexual nas graduações dos cursos de saúde.OBJECTIVE: To assess public services attending female victims of sexual violence in the city of Sao Paulo. METHODS: This is a qualitative study conducted in two public services attending female victims of sexual violence. Interviews with 42 women were conducted, 13 of whom had sought these services for assistance and 29 were professionals working in these services. Evaluation of the services was based on the categories: reception, access, resolvability and sanitary responsibility. RESULTS: The analysis of the interviews per category has shown that there was reception in both services, problems with respect to access due to the lack of

  15. Sexualidade no período climatérico: situações vivenciadas pela mulher Sexualidad en el período cilmatérico: situaciones vivenciadas por la mujer Sexuality in the climateric period: situations experienced by women

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia Rodrigues Fernandez

    2005-06-01

    Full Text Available Estudo de caráter descritivo,com o objetivo de identificar os aspectos que as mulheres atendidas em um Serviço de Ginecologia e Obstetrícia consideram como positivos e negativos no exercício de sua sexualidade, na fase do climatério. Os dados foram coletados através de entrevista individual, utilizando-se da técnica de incidentes críticos. As 45 mulheres entrevistadas mencionaram 86 situações, sendo 41 (47,7% consideradas positivas e 45 (52,3% negativas. As situações foram classificadas em três categorias: relacionamento a dois, ato sexual e mulher - ser social. Os resultados evidenciaram que elas priorizam a valorização da qualidade do relacionamento e da manifestação da emoção no contexto romântico. Destacaram a insatisfação com a auto-imagem e a presença da dominação sexual do homem sobre a mulher. O estudo possibilitou uma compre-ensão mais abrangente sobre o climatério, oferecendo subsídios para a assistência à saúde da mulher contemplando a dimensão sexual.Estudio de carácter descriptivo realizado con el objetivo de identificar los aspectos que las mujeres, atendidas en un Servicio de Ginecología y Obstetricia, consideran como positivos y negativos en el ejercicio de su sexualidad, en la fase del climaterio. Los datos fueron recolectados por medio de entrevista individual, utilizándose la técnica de incidentes críticos. Las 45 mujeres entrevistadas mencionaron 86 situaciones, siendo 41 (47,7% consideradas positivas y 45 (52,3%, negativas. Las situaciones fueron clasificadas en tres categorías: relación a dos, acto sexual y mujer - ser social. Los resultados permiten evidenciar que esas mujeres priorizan la valorización de la calidad del relacionamiento y de la manifestación de la emoción en el contexto romántico. Destacaron la insatisfacción con su auto-imagen y la presencia del dominio sexual masculino sobre el femenino. El estudio posibilitó una comprensión más amplia respecto al climaterio

  16. Colpocitologia de mulheres com diagnostico de adenocarcinoma do colo do utero

    OpenAIRE

    Nascimento, Maria Isabel do; Rocha, Luana Bezerra da

    2014-01-01

    OBJETIVO: Analisar os achados citológicos de mulheres detectadas com adenocarcinoma do colo do útero, levando em conta o histórico da paciente no ano que antecedeu ao diagnóstico e a histopatologia das lesões. MÉTODOS: Este é um estudo comparativo, retrospectivo conduzido com dados de mulheres com adenocarcinoma ou com carcinoma escamoso do colo do útero detectados entre 2002 e 2008. Os laudos da citologia foram sintetizados de acordo com a terminologia Bethesda revisada em 2001 e foram ...

  17. Mortalidade por cirrose, câncer hepático e transtornos devidos ao uso de álcool: Carga Global de Doenças no Brasil, 1990 e 2015

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Souto Melo

    Full Text Available RESUMO: Introdução: O uso de álcool é um dos principais fatores de risco preveníveis para mortalidade ou incapacidade prematuras. Objetivo: Descrever as estimativas de mortalidade e anos de vida perdidos por morte prematura (YLL por cirrose, câncer hepático e transtornos devidos ao uso de álcool no Brasil e suas unidades da federação (UFs, em 1990 e 2015. Métodos: Estudo descritivo com dados do estudo de Carga Global de Doenças (2015 e do Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM. Modelos estatísticos foram empregados para obter estimativas corrigidas de mortalidade pelas causas selecionadas. As taxas de mortalidade foram padronizadas por idade (TMPI. Resultados: Em 1990, foram estimados 16.226 óbitos para as 3 condições (17,0/100 mil habitantes, enquanto em 2015 foram 28.337 (15,7/100 mil habitantes. Houve redução da mortalidade (por 100 mil habitantes por cirrose (de 11,4 para 9,5 e estabilidade por câncer hepático (1,5 e 1,9 e transtornos devidos ao uso de álcool (4,1 e 4,3. As TMPI foram 5,1 vezes maiores entre os homens, e as 5 UFs com maiores TMPI e YLL foram da Região Nordeste: Sergipe, Ceará, Pernambuco, Paraíba e Alagoas. As taxas de mortalidade e de YLL pelas três condições estudadas ascenderam no ranking das causas de óbito, em ambos os sexos, exceto a cirrose no feminino. Conclusão: As três condições estudadas são responsáveis por importante carga de mortalidade prematura no Brasil, principalmente entre homens e residentes na região nordeste. Esses resultados reforçam a necessidade de políticas públicas para o enfrentamento ao consumo nocivo do álcool no Brasil.

  18. Auditoria médica: avaliação de alguns procedimentos inseridos no programa de atenção integral à saúde da mulher no posto de saúde da Vila Municipal, Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juvenal Soares Dias da Costa

    Full Text Available Este estudo, mediante auditoria médica, avalia a qualidade da atenção médica no Posto de Saúde da Vila Municipal, Pelotas, Rio Grande do Sul. Por meio do levantamento de dados registrados nos prontuários de família em 1992, 1993 e 1994, foram coletadas informações referentes às atividades do Programa de Atenção Integral à Saúde da Mulher (PAISM, como, por exemplo, a idade da paciente, número de consultas médicas e não médicas, aferição de pressão arterial, se as mamas haviam sido examinadas, cobertura do exame citopatológico e uso de método contraceptivo. Verificou-se que, em média, as mulheres consultam-se neste serviço 3,5 a quatro vezes por ano. Destas, 53% encontram-se na faixa etária entre vinte e 39 anos de idade. Quanto à cobertura de exame citopatológico, encontrou-se registro de 42,5% procedimentos realizados nos últimos três anos. Entre as mulheres que tiveram suas mamas examinadas, 19,4% foram registradas. A aferição da tensão arterial foi o procedimento estudado que atingiu a cobertura mais elevada nesta auditoria. Acredita-se que o cuidado ao paciente também depende da qualidade do registro; portanto, a baixa qualidade dos registros médicos encontrados servirá para fomentar discussões com a equipe, a fim de contribuir para um melhor atendimento médico, beneficiando os pacientes.

  19. Diagnostics of Rainfall Anomalies in the Nordeste During the Global Weather Experiment

    Science.gov (United States)

    Sikdar, D. M.

    1984-01-01

    The relationship of the daily variability of large-scale pressure, cloudiness and upper level wind patterns over the Brazil-Atlantic sector during March/April 1979 to rainfall anomalies in northern Nordeste was investigated. The experiment divides the rainy season (March/April) of 1979 into wet and dry days, then composites bright cloudiness, sea level pressure, and upper level wind fields with respect to persistent rainfall episodes. Wet and dry anomalies are analyzed along with seasonal mean conditions.

  20. Estudio de la comunidad de Cystoseira mediterránea en dos localidades de la península del cabo de Creus (Alt Empardà, Nordeste de España

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rull Lluch, Jordi

    1990-05-01

    Full Text Available A survey has been carried out of the Cystoseira mediterranea community from eight samples seasonally collected in two localities of the cape Creus peninsula (N. E. Spain .
    The results obtained are related to the environmental conditions and they are compared with those obtained by other authors.

    Se ha realizado un estudio de la comunidad de Cystoseira mediterranea a partir de ocho muestras recolectadas estacionalmente en dos localidades de la península del cabo de Creus (nordeste de España. Los resultados obtenidos se comentan en relación con las condiciones ambientales y se comparan con los obtenidos por otros autores.

  1. Mulheres e forma??o docente em tempos de tic: narrativas de experi?ncias de inclus?o, compet?ncias e empoderamento na UFPB virtual

    OpenAIRE

    Barbosa, Rita Cristiana

    2015-01-01

    As experi?ncias de Educa??o ? Dist?ncia (EaD) desenvolvidas no Brasil t?m como objetivo principal formar professores(as) que atuam no magist?rio sem a forma??o superior e tamb?m atingir a grande demanda de pessoas que n?o t?m acesso ? educa??o superior, situa??o agravada em lugares distantes dos grandes centros e nos Estados mais pobres do pa?s. Assim, os cursos EaD de forma??o docente contam com alunado composto majoritariamente por mulheres trabalhadoras com mais de 30 anos. Dentre as vanta...

  2. Estimativa de temperaturas basais e exigência térmica em mangueiras no nordeste do estado do Pará

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Chagas Rodrigues

    2013-03-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi estimar as temperaturas basais e a exigência térmica da mangueira, na região nordeste do Estado do Pará. Um experimento foi realizado em um pomar de mangueiras de 25 hectares, durante as safras de 2010/2011 e 2011/2012, sendo acompanhadas diariamente a fenologia e as condições meteorológicas desde a floração até a colheita. As duas safras experimentaram diferentes condições meteorológicas, e, por isso, a duração do ciclo e a exigência térmica diferiram significativamente. As temperaturas basal inferior e superior para a cultura da mangueira foram de 13 °C e 32 °C, respectivamente, a exigência térmica média encontrada para a mangueira atingir o ponto de colheita comercial foi de 1.024,23 °C dia-1 a 1.157,99 °C dia-1 e a duração média do ciclo da mangueira foi de 110 a 112 dias.

  3. Consumo de suplementos nutricionais por frequentadores de academias da cidade de Porto Alegre Consumo de suplementos nutricionales por los frecuentadores de las academias de la ciudad de Porto Alegre Consumption of nutritional supplements among individuals in Porto Alegre's fitness centers

    OpenAIRE

    Ana Paula Trussardi Fayh; Cláudia Villela da Silva; Flávia Roanna Dotto de Jesus; Gabriela Kerpel Costa

    2013-01-01

    O objetivo do estudo foi verificar a prevalência do uso de suplementos alimentares nas academias da cidade de Porto Alegre. Foram entrevistados 316 indivíduos com idade entre 18-59 anos. A abordagem foi por voluntariedade, em 22 academias da cidade. Observou-se um expressivo uso de suplementos nutricionais pelos participantes (28,8%), e os homens utilizam mais suplementos do que as mulheres (p

  4. Transtornos mentais comuns e uso de psicofármacos em mulheres atendidas em unidades básicas de saúde em um centro urbano brasileiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tatiana Longo Borges

    2015-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Investigar a prevalência de transtornos mentais comuns (TMC em mulheres atendidas em unidades de atenção básica em um centro urbano brasileiro, assim como o impacto desses transtornos sobre a qualidade de vida (QV, a associação de fatores sociodemográficos a TMC e QV e a prevalência de uso e padrão de utilização de psicofármacos na amostra estudada. MÉTODOS: Nesta pesquisa quantitativa, transversal e correlacional-descritiva, uma amostra estratificada de 365 mulheres foi entrevistada entre maio de 2012 e janeiro de 2013 em cinco unidades básicas de saúde brasileiras. Foram utilizados questionários sociodemográfico e farmacoterapêutico; questionário de autorrelato SRQ-20 para estimar a prevalência de transtornos mentais comuns; e escala de qualidade de vida WHOQOL-bref. Para avaliar o impacto dos TMD na QV, foram utilizados o teste t e modelos de regressão linear. Utilizou-se o teste do qui-quadrado para verificar associações entre TMC e variáveis ​​sociodemográficas. A análise do consumo de psicofármacos foi descritiva. RESULTADOS: A prevalência de TMC foi de 44,1% e a de consumo de psicofármacos de 27,1%. Apenas 5,6% das participantes do estudo tinham registro de diagnóstico psiquiátrico no prontuário. Os psicofármacos eram usados por 41,6% das entrevistadas positivas para TMC e 15,7% das negativas para TMC. Não houve associação entre TMC e variáveis sociodemográficas. Houve associação estatisticamente significativa entre TMC e QV. As mulheres positivas para TMC apresentaram pior QV. Não houve influência de fatores sociodemográficos sobre esse resultado. CONCLUSÕES: Mais atenção é necessária ao padrão de uso e prescrição de psicofármacos na atenção básica. As pacientes com TMC apresentaram prejuízo funcional, evidenciado por escores de QV significativamente menores. A ausência de influência dos fatores sociodemográficos sobre os resultados parece corroborar a proposi

  5. CARACTERÍSTICAS DO PRÉ-NATAL DE ADOLESCENTES EM CAPITAIS DAS REGIÕES SUL E NORDESTE DO BRASIL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rita Fernanda Monteiro Fernandes

    2015-01-01

    Full Text Available cuantitativo descriptivo que objetivó describir algunos aspectos de la atención prenatal de adolescentes en hospitales de enseñanza de la región Sur y Nordeste de Brasil, basado en los criterios de calidad del Programa de Humanización del Prenatal. Es un recorte de la “pesquisa “Redes sociales de apoyo a la paternidad en la adolescencia”. La colecta de los datos ocurrió de diciembre de 2008 a diciembre de 2009. La amuestra se constituyó de 559 puérperas adolescentes. Los resultados evidenciaron que 98% de las pesquisadas realizaron prenatal, 67,2% frecuentaron seis o más consultas médicas y 62,5% empezaron en el primer trimestre de gestación. Cuanto a los análisis de rutina, ni todos fueron realizados y 41,8% negaron haber recibido informaciones acerca del trabajo de parto y parto durante las consultas prenatales. Se concluye que la mayoría de las adolescentes realizó el prenatal conforme los criterios preconizados por el Programa, pero todavía hacen falta acciones educativas y orientaciones durante las consultas.

  6. A violência contra a mulher na perspectiva de policiais militares: espaço para a promoção da saúde = The violence against women from the perspective of police officers: a gap to health promotion

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marisa Signori

    2007-01-01

    Full Text Available Trata-se de uma pesquisa qualitativa desenvolvida na cidade de Concórdia, Estado de Santa Catarina, com 10 policiais militares e com o objetivo de analisar a concepção de violência contra a mulher na perspectiva dos mesmos. Os dados foram coletados através de entrevista semi-estruturada e analisados com a técnica do Discurso doSujeito Coletivo – DSC. Os discursos expressam os motivos da violência, a concepção dos policiais sobre ela e por que a mulher não denuncia o agressor. O álcool é apontado como o principal motivo da violência, bem como a cultura machista e o descumprimento dasobrigações femininas pela mulher. A análise revela que a mulher não denuncia a violência sofrida principalmente por dependência financeira, medo de sofrer nova violência, vergonha e esperança que o companheiro mude de atitude. Família e violência ainda permanecemcomo questões de âmbito privado.This qualitative research was developed at Concórdia, state of Santa Catarina, Brazil, with 10 police officers. It aimed to analyze the conception of violence against women from their perspective. The data was collected through a semi-structured interview and analyzed with the Collective Subject Speech technique – DSC. The speeches expressed the reasons of violence, the participants’ conception of it and why women do not denounce the aggressor. The alcohol, the male chauvinist culture and the non-execution of female obligations were pointed out as reasons to violence. Data analysis revealed that women do not denounce mainly because of financial dependence, fear of suffering more violence, for being ashamed and for hope in the partners’ change of attitude. Family and violence still remain considered as private issues.

  7. Muscle strength of the pelvic floor among young and climateric continent women Força muscular do assoalho pélvico entre mulheres continentes jovens e climatéricas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paula Bueno de Arruda

    2010-10-01

    . O objetivo deste estudo foi verificar a força muscular do assoalho pélvico entre mulheres saudáveis jovens e climatéricas, buscando identificar as alterações existentes nesta musculatura. O estudo foi composto por 49 mulheres dividas em dois grupos: Grupo 1 composto por mulheres (N=24 com média de idade de 29,33 anos e o grupo 2 composto por mulheres (N=25 com média de idade de 51,8 anos, submetidas a avaliação da força muscular do assoalho pélvico por meio de palpação bidigital e perineometria. O presente estudo não identificou diferenças significativas da força de pressão muscular do assoalho pélvico pela perineometria entre os grupos estudados. Na avaliação pela palpação bidigital, notou-se uma capacidade maior de contração voluntária e sustentação desta contração nas mulheres com faixa etária entre 25 a 35 anos.

  8. Expectativas acerca do acesso à justiça às vítimas de violência doméstica contra a mulher: os juizados de violência doméstica e familiar contra a mulher na efetivação da Lei 11.340/2006 (“Maria da Penha”

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mário Lúcio Garcez Calil

    2014-02-01

    Full Text Available A Lei 11.340 criou os Juizados de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher. Há, porém, o risco de que tais órgãos enfrentem os mesmos problemas identificados na atuação dos Juizados Especiais. O objetivo deste trabalho é discutir a aplicação da Lei 9.099/95 à violência de gênero e estudar as expectativas acerca dos Juizados de Violência Doméstica, por meio de pesquisa bibliográfica e jurisprudencial. Justifica-se o trabalho, pois a violência doméstica é um problema social grave. Conclui-se que a atuação dos Juizados de Violência deve ocorrer de forma diversa do processo comum, levando em conta a natureza social do fenômeno.

  9. CONJUGALIDADE E PARENTALIDADE NA PERSPECTIVA DE MULHERES CHEFES DE FAMÍLIA

    OpenAIRE

    Cunico, Sabrina Daiana; Arpini, Dorian Mônica

    2014-01-01

    O presente estudo é de caráter qualitativo e teve como objetivo compreender as questões que perpassam o fim do relacionamento conjugal, a parentalidade desempenhada após a dissolução bem como as diferenças atribuídas ao desempenho dos papéis parentais sob o olhar de mulheres chefes de família. Participaram do estudo dez mulheres mães que eram provenientes de grupos populares e compunham uma família monoparental. Destas, sete eram solteiras, uma era separada e duas divorciadas. Os dados foram ...

  10. Violência contra a mulher e a Lei Maria da Penha

    OpenAIRE

    Ingnácio Duarte, Jozi Rubia; Univesidade Estadual de Londrina (UEL), Londrina; Duarte Pinheiro, Ana Claudia; UEL; Lobo Muniz, Deborah Lídia; UEL; Brun, Simone; UEL

    2009-01-01

    O presente artigo tem como objetivo adentrar no campo jurídico da defesa da mulher brasileira, contra a violência dos mais variados tipos que ela vem sofrendo com o passar dos tempos, analisa a legislação vigente bem como as práticas jurídicas em defesa da mulher e o impacto da lei Maria da Penha. This article aims to enter the field of legal defense of Brazilian women, against violence of all kinds which it has suffered over time, analyzes the current legislation and legal practices in fa...

  11. Consumo de suplementos nutricionais por frequentadores de academias da cidade de Porto Alegre

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Trussardi Fayh

    2013-03-01

    Full Text Available O objetivo do estudo foi verificar a prevalência do uso de suplementos alimentares nas academias da cidade de Porto Alegre. Foram entrevistados 316 indivíduos com idade entre 18-59 anos. A abordagem foi por voluntariedade, em 22 academias da cidade. Observou-se um expressivo uso de suplementos nutricionais pelos participantes (28,8%, e os homens utilizam mais suplementos do que as mulheres (p<0,05. Os suplementos mais utilizados foram aqueles à base de proteínas, que são ingeridos principalmente por indicação de educadores físicos. O alto consumo de suplementos nutricionais aponta a necessidade de alertar à população quanto aos riscos relacionados ao uso indevido de suplementos nutricionais.

  12. Entre estupros e convenções narrativas: os Cartórios Policiais e seus papéis numa Delegacia de Defesa da Mulher (DDM

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Larissa Nadai

    Full Text Available Resumo Este artigo tem por objetivo colocar em evidência as convenções narrativas que constituem os documentos oficiais produzidos pela Delegacia de Defesa da Mulher (DDM de Campinas, em casos de estupro e ato libidinoso, entre os anos de 2004 e 2005. Levando em consideração, a “gramática” e os “léxicos” produzidos pela polícia civil, gostaria de refletir sobre as inflexões narrativas que são postas em prática por essa corporação quando escrivãs e delegadas, por meio de seu trabalho rotineiro de escrita, forjam termos, produzem encadeamentos narrativos, sequências e imagens textuais. Tomando como cenário a espacialidade e os barulhos e silêncios impostos aos expedientes de trabalho dessa repartição policial, busco, também, colocar em evidência as expertises, estratégias e táticas mobilizadas por essas profissionais diante dos dilemas cotidianos de escuta/escrita enfrentados.

  13. Climate Prediction for Brazil's Nordeste: Performance of Empirical and Numerical Modeling Methods.

    Science.gov (United States)

    Moura, Antonio Divino; Hastenrath, Stefan

    2004-07-01

    Comparisons of performance of climate forecast methods require consistency in the predictand and a long common reference period. For Brazil's Nordeste, empirical methods developed at the University of Wisconsin use preseason (October January) rainfall and January indices of the fields of meridional wind component and sea surface temperature (SST) in the tropical Atlantic and the equatorial Pacific as input to stepwise multiple regression and neural networking. These are used to predict the March June rainfall at a network of 27 stations. An experiment at the International Research Institute for Climate Prediction, Columbia University, with a numerical model (ECHAM4.5) used global SST information through February to predict the March June rainfall at three grid points in the Nordeste. The predictands for the empirical and numerical model forecasts are correlated at +0.96, and the period common to the independent portion of record of the empirical prediction and the numerical modeling is 1968 99. Over this period, predicted versus observed rainfall are evaluated in terms of correlation, root-mean-square error, absolute error, and bias. Performance is high for both approaches. Numerical modeling produces a correlation of +0.68, moderate errors, and strong negative bias. For the empirical methods, errors and bias are small, and correlations of +0.73 and +0.82 are reached between predicted and observed rainfall.

  14. Uso da informação no processo de tomada de decisão pelas mulheres gestoras da reitoria do IFPB

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valmira Perucchi

    2012-01-01

    Full Text Available Considerando as informações como elemento de fundamental importância para o funcionamento das organizações, com ênfase para atividades de gestão, construímos essa pesquisa com o objetivo de investigar de que maneira se dá o uso da informação pelas gestoras da Reitoria do IFPB. Para tanto, utilizamos uma investigação bibliográfica e uma pesquisa de campo cuja abordagem dos dados deu-se de forma quantitativa e qualitativa. Os resultados apontaram para um equilíbrio com relação à quantidade de mulheres ocupando cargo de gestão, pois dos 56 cargos de gestão, 43% são ocupados por mulheres. Observamos também que as gestoras têm um bom nível de formação onde somente 11% têm apenas a graduação, as demais são especialistas, mestras e doutoras. Quanto ao uso das informações pelas gestoras, os resultados se apresentam frustrantes tendo em vista que nos dias atuais, ainda não conseguem ter suas necessidades de informação atendidas. Palavras-chave Uso da informação; Direito trabalhista das mulheres; Mercado de trabalho; Mulheres gestoras; Mulher no serviço público Abstract Taking into account information as element of noteworthy importance for the functioning of the organizations, with emphasis on management activities, this research was conducted with the aim to investigate how the female managers of the IFPB deanship use information. For this reason, we carried out a bibliographical investigation as well as a field research whose data were analyzed according to the quantitative and qualitative approaches. The results pointed out a balance in relation to the amount of women in management tasks. In a total of 56 management duties, 43% have women in charge of. We also noticed that the female managers present a good level of education considering that only 11% have the undergraduation course; the other ones hold post-graduation diplomas, such as: specialization, master and doctorate. As concerns the use of information

  15. As políticas de combate à violência contra a mulher no Brasil e a "responsabilização" dos "homens autores de violência"

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aparecida Fonseca Moraes

    Full Text Available O artigo analisa os significados que os homens acusados de violência atribuem às agressões perpetradas contra as mulheres, no contexto da Lei Maria da Penha e de suas políticas públicas no Brasil. Chama a atenção também para as possíveis contribuições da abordagem interacionista e para a importância do foco nas ideias e nos valores nas análises das políticas públicas, principalmente aquelas que alcançam as identidades. A pesquisa realizada em Grupos de Reflexão para homens autores de violência em um Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher na cidade do Rio de Janeiro mostrou como alguns valores e ideias difundidos, como aqueles associados à "responsabilização" do agressor, são confrontados pelos homens. Muitas vezes eles recorrem às circunstâncias da situação nas quais ocorreram os conflitos interpessoais do casal de modo a denotar as agressões como uma resposta, ou até mesmo punição, ao comportamento inadequado das mulheres, que teriam desafiado a divisão tradicional dos papéis de gênero, reconhecida por eles como universalmente aceita.

  16. Gênero e violência contra a mulher na literatura de enfermagem: uma revisão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maiara Cardoso Duarte

    2015-04-01

    Full Text Available RESUMO Na produção científica sobre desigualdades na relação homens e mulheres destacam-se estudos sobre violência contra a mulher e a premência do seu reconhecimento como problema de saúde pública. Objetivo: considerando o potencial da Enfermagem para um olhar ampliado desta temática, pretendeu-se conhecer o que está sendo veiculado sobre gênero e violência contra a mulher nas principais revistas de enfermagem brasileiras. Método: realizou-se revisão integrativa, de publicações online, entre 2000 e 2012. Dos 138 artigos selecionados, 25 tratavam gênero e violência contra a mulher como construtos sociais. Resultados: predominaram as abordagens qualitativas (60%, investigações empíricas (60%, acadêmicas (100%, autorias envolvendo enfermeira(os (96%, violências conjugal (32% e doméstica (20%. A violência contra a mulher à luz de gênero foi associada em apenas 32% das publicações. Conclusão: há necessidade de incremento de estudos em parceria com o serviço e a ampliação das discussões que envolvem dinâmicas de poder e de resistência, que constituem a base do conceito de gênero.

  17. Conhecimento das estudantes universitárias da área da saúde sobre câncer de mama em mulheres The knowledge of health sciences undergraduate female students regarding women breast cancer

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marli Aparecida Rocha Souza

    2016-04-01

    Full Text Available Objetivo: Caracterizar o conhecimento de estudantes universitárias da área da saúde sobre  câncer de mama em mulheres, considerando que é uma das doença que mais acomete a mulher. Método:Pesquisa qualitativa descritiva, com 11 estudantes universitárias dos cursos de enfermagem e medicina, em uma Universidade pública do Paraná, entre abril e junho de 2012. A análise dos dados foi feita segundo os 6 passos sugeridos por Jonh W. Creswell e o referencial de Edgar Morin sobre o conhecimento e suas dimensões: a dimensão contexto, global, multidimensional e a dimensão complexo. Conclusão:O conhecimento sobre câncer de mama, vai além do conjunto de informações que o envolve,implantação de políticas públicas e programas específicos, mas também refere-se ao envolvimento e sensibilização dos profissionais que irão atuar nessa aréa.Descritores:Enfermagem; Câncer de mama; Saúde da mulher; Estudantes. Conhecimento.

  18. Multiplicidade de papéis da mulher e seus efeitos para o bem-estar psicológico Women's multiple roles and the effects on psychological well-being

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Izabel Cristina Possatti

    2002-01-01

    Full Text Available Este estudo examina o envolvimento da mulher em uma multiplicidade de papéis e os conseqüentes efeitos para o bem-estar psicológico. Fizeram parte da amostra 132 mulheres que desempenhavam um trabalho pago e o papel de mãe, as quais responderam a um questionário composto por escalas que mensuram a qualidade do papel de mãe e trabalho pago, uma escala que avalia bem-estar psicológico (QSG-12 e uma escala de satisfação com o casamento. Regressões múltiplas foram feitas entre todas as variáveis e a variável critério, o bem-estar psicológico. Nossos resultados estão de acordo com pesquisas anteriores, mostrando que as recompensas a partir de autonomia no trabalho e autoridade de decisão predizem as medidas de bem-estar psicológico para todas as mulheres e a satisfação com o casamento predizem para todas, exceto para mulheres com elevado status sócio-econômico e mulheres com mais de 39 anos.This study examines the effects of women's multiple roles on psychological well-being. The data were taken from a sample of 132 employed mothers who answered a questionnaire composed of three parts: a roles scale, that measures the quality of the two particular roles (paid worker, mother; a General Health Questionnaire (GHQ-12, that measures psychological well-being; and a marital satisfaction scale. Multiple regressions were carried out between all the variables and the criterion variable, the psychological well-being. Our results are in agreement with previous reports, showing that rewards from job autonomy and decision-making authority predicted measures of psychological well-being for all women, while marital satisfaction predicted for all women, except for those with high socio-economic status and those older than 39 years.

  19. Perspectivas para o cuidado de enfermagem às mulheres que denunciam a violência vivida Perspectivas para el cuidado de la enfermería a las mujeres que denuncian casos de violencia sufridos Perspectives for nursing care to women that report violence experiences

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Letícia Becker Vieira

    2011-12-01

    Full Text Available Objetivou-se apresentar perspectivas para o cuidado de enfermagem, a partir da apreensão do significado da ação das mulheres que denunciam a violência vivida. Pesquisa fenomenológica, à luz de Schütz. Cenário: Delegacia de Polícia para Mulher e de Pronto Atendimento de um município do Rio Grande do Sul. Participantes: mulheres de 18-59 anos que realizaram a denúncia da violência do companheiro. Projeto aprovado pelo CEP (n.23081.015518/2009-66. Foram desenvolvidas entrevistas com 13 mulheres. Apreendeu-se que a mulher significa uma relação de anonimato com o companheiro e busca relações de familiaridade para enfrentamento da violência. O anonimato acontece pela decisão de romper costumes, sofrimento e história em comum. Quer conduzir a denúncia até o final, acreditar na justiça e proteger/criar seu(s filho(s. A busca por familiaridade aponta a necessidade de um cuidado de enfermagem a partir da realidade social das mulheres, para reconhecer demandas de saúde e romper a naturalização/aceitação da violência.Se tiene por objetivo presentar perspectivas para el cuidado de la enfermería, a partir de la aprehensión del significado de la acción de las mujeres que denuncian casos de violencia vividos. Investigación fenomenológica, basada en la teoría de Schütz. Escenario: Jefatura de Policía para Mujer y el Pronto Socorro de un municipio de Rio Grande do Sul. Participantes: mujeres entre 18-59 años, que denunciaron el comportamiento violento del compañero. Proyecto aprobado por el CEP (n.23081.015518/2009-66. Fueron desarrolladas entrevistas con trece mujeres. Se comprendió que la mujer tiene una relación de anonimato con el compañero y busca relaciones de familiaridad para el enfrentamiento de la violencia. El anonimato ocurre por la decisión de romper costumbres, sufrimientos e historias en común. Quiere conducir la denuncia hasta el final, creer en la justicia y proteger/criar su(s hijo(s. La búsqueda por

  20. Centre social Bidonville "Bourg des deux frères", Salvador da Bahia, Nordeste Brésil

    OpenAIRE

    Layette, SOS.; Père Maurice Abel

    1986-01-01

    Social centre Shantytowns "Bourg des deux freres", Salvador da Bahia. Nordeste Brazil. The analysis of so far published information on the eco-biology, reproduction, depths distributions and specific fishery of Epinephelus aeneus in the eastern central Atlantic enables to suggest the existence of a bathymetrie migration along the coast of Senegal.

  1. The impact of Southern Atlantic moisture source in the precipitation regime of Sahel and Brazilian Nordeste using lagrangian models

    Science.gov (United States)

    Drumond, A.; Nieto, R.; Gimeno, L.; Ambrizzi, T.; Trigo, R.

    2009-04-01

    The socio-economical problems related to the severe droughts observed over Brazilian "Nordeste" and Sahel are well known nowadays. Several studies have showed that the precipitation regimes over these regions are influenced by the Inter Tropical Convergence Zone (ITCZ) variability, which can be related with the climatic variations observed in the South and North Tropical Atlantic basins. However, a climatological detailed assessment of the annual cycle of the oceanic moisture contribution to both these regions is still needed in order to get a better understanding of their precipitation regimes and variability. To answer this question, a climatological seasonal analysis of the moisture supply from the South Atlantic to the precipitation in the "Nordeste" and Sahel was performed using a new Lagrangian method of diagnosis which identifies the humidity contributions to the moisture budget over a region. The applied methodology computes budgets of evaporation minus precipitation by calculating changes in the specific humidity along forward-trajectories for the following 10 days. In order to take into account distinct regional contributions we have divided the South Atlantic basin in several latitudinal bands (with a 5° width), and all air-masses residing over each region were tracked forward using the available 5-year dataset (2000-2004). For the Sahel, the preliminary results suggest that the oceanic band northwards 10 degrees south acts as a moisture source for the precipitation along the year and its contribution reaches the maximum during the austral winter, probably related to the ITCZ annual migration over the region. On the other hand, the precipitation over "Nordeste" can be better related to air masses emanating from the oceanic bands between 10 and 20 degrees south. However the response over the region is very heterogeneous spatially and temporally probably due to the high variability of the local climate characteristics. In order to clarify dynamically the

  2. Avaliação da genotoxicidade em mulheres com síndrome dos ovários policísticos: impacto da dieta

    OpenAIRE

    Soares, Nayara Pereira

    2015-01-01

    Introdução: Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP), segundo o critério de Rotterdam, está presente em 6-12% das mulheres em idade reprodutiva, é caracterizada pelo hiperandrogenismo, resistência à insulina (RI) e por seu estado inflamatório, fatores comumente exacerbados pela presença da obesidade e associados com o aumento da genotoxicidade. Alimentação saudável com implicação na perda de peso atua restabelecendo as funções reprodutivas e metabólicas na SOP, entretanto sua influência na red...

  3. Análise espacial de indicadores integrados determinantes da mortalidade por diarreia aguda em crianças menores de 1 ano em regiões geográficas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Helena Ferraz Bühler

    2014-10-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo é realizar a análise espacial de indicadores integrados de ambiente e saúde relativos aos fatores condicionantes da mortalidade por diarreia em menores de 1 ano nas regiões brasileiras no ano de 2010. Foram formulados 7 indicadores socioambientais, construídos a partir do banco de dados do Sistema IBGE de Recuperação Automática do Censo Demográfico de 2010. Os dados de óbitos por diarreia em crianças menores de 1 ano e de nascidos vivos foram obtidos das bases de dados dos Sistemas de Informação de Mortalidade e do Sistema de Informação de Nascidos Vivos do Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde. As microrregiões situadas nas regiões Norte e Nordeste, apresentaram, em 2009, respectivamente, 5 e 4 vezes mais taxa de mortalidade por diarreia em menores de 1 ano, que a região Sul. As crianças menores de 1 ano residentes nas microrregiões localizadas nas regiões Norte e Nordeste estão mais expostas ao risco de óbito pela diarreia, uma vez que nestes locais concentram-se os piores valores para os indicadores socioambientais relacionados à pobreza e ao saneamento básico. Neste sentido, políticas públicas sociais, econômicas, ambientais, culturais e de saúde devem embasar-se no princípio de equidade para atender as diferentes necessidades locais de cada região.

  4. As mulheres em sua família: Mesopotâmia, 2º milênio a.C.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Brigitte Lion

    2005-12-01

    Full Text Available As fontes cuneiformes do 2º milênio a.C. fornecem uma abundante documentação sobre as mulheres mesopotâmicas. A partir dos códigos de leis e de numerosos arquivos privados, é possível reconstituir a vida das mulheres comuns em seu quadro familiar. Este artigo analisa a condição feminina através dos diferentes costumes matrimoniais, da situação econômica das mulheres, bem como de suas atividades no interior do lar.

  5. Osteoporose em mulheres na pós-menopausa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    SC Radominski

    2004-12-01

    Full Text Available DESCRIÇÃO DO MÉTODO DE COLETA DE EVIDÊNCIAS: Foi feita uma pesquisa de referências bibliográficas na Biblioteca Cochrane e na base de dados do MEDLINE, utilizando os seguintes termos: osteoporosis, bone density, postmenopausal women. Selecionados os artigos mais relevantes publicados nos últimos cinco anos. A partir da lista de referências bibliográficas foi feita consulta a citações de artigos anteriores. GRAU DE RECOMENDAÇÃO E FORÇA DE EVIDÊNCIA: A: Estudos experimentais e observacionais de melhor consistência. B: Estudos experimentais e observacionais de menor consistência. C: Relatos ou séries de casos. D: Publicações baseadas em consensos ou opiniões de especialistas. OBJETIVOS: 1. Rever os fundamentos da osteoporose pós-menopausa; 2. Estabelecer os principais procedimentos para diagnóstico da osteoporose e de fraturas osteoporóticas em mulheres na pós-menopausa; 3. Estabelecer as terapêuticas para prevenção e tratamento da osteoporose e de fraturas osteoporóticas em mulheres na pós-menopausa. PROCEDIMENTOS: 1. História clínica; 2. Medidas da massa óssea; 3. Prevenção e tratamento. EVOLUÇÃO E DESFECHOS: 1. Identificação das mulheres de risco para osteoporose pósmenopáusica; 2. Prevenção da osteoropose e fraturas; 3. Eficácia dos tratamentos e redução de fraturas.

  6. Sexual and reproductive health of women living with HIV in Southern Brazil Salud sexual y reproductiva de mujeres viviendo con VIH en el sur de Brasil Saúde sexual e reprodutiva de mulheres vivendo com HIV no Sul do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela Riva Knauth

    2013-03-01

    ón por el VIH, son bastante diferenciados cuando consideramos la franja de edad, lo que implica acciones específicas de atención en los servicios de salud.Estudo transversal que analisou o comportamento, em termos de saúde sexual e reprodutiva, adotado pelas mulheres vivendo com HIV, segundo a faixa etária, na cidade de Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil. A amostra foi constituída por 691 mulheres. Foram observadas diferenças quanto ao número de gestações e filhos. O uso de drogas ilícitas durante a vida foi mais frequente na faixa dos 18 aos 34 anos, e a prática de sexo por dinheiro foi mais frequente entre as mulheres de 18 a 29 anos. As mulheres vivendo com HIV atendidas nos serviços públicos especializados no Sul do Brasil apresentam um perfil socioeconômico e de comportamento sexual que não corresponde ao padrão tipicamente identificado no processo de feminização da epidemia, no qual se destacam, particularmente, mulheres pobres, com baixa escolaridade e baixo número de parceiros sexuais. O estudo fornece evidências de que alguns fatores que caracterizam a vulnerabilidade das mulheres à infecção pelo HIV são bastante diferenciados quando consideramos a faixa etária, o que implica em demandas específicas de atenção nos serviços de saúde.

  7. Contextos e padrões do uso indevido de benzodiazepínicos entre mulheres Contexts and patterns of undue use benzodiazepine among women

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Rosa Lins de Souza

    2013-04-01

    Full Text Available O uso indevido de benzodiazepínicos, especialmente entre mulheres, tem despertado preocupação na área de saúde pública. Este estudo objetivou compreender qualitativamente crenças e valores associados ao consumo indevido dessa substância por mulheres. Foram entrevistadas trinta e três mulheres (18-60 anos com histórico de uso indevido de benzodiazepínicos no último ano, selecionadas intencionalmente e por critérios. Os discursos foram transcritos e submetidos à análise de conteúdo com auxílio do software NVivo. A maioria das entrevistadas referiu tempo de uso bem superior ao recomendado (mediana: 7 anos e compra com receita médica. Os motivos de uso mais citados foram diminuição da ansiedade, problemas de insônia e fuga dos problemas. Apesar de reconhecerem a possibilidade de dependência, esta não motivou a interrupção do uso. O acompanhamento médico não pareceu, necessariamente, estimular a percepção de risco dos benzodiazepínicos, sendo um fator que favoreceu a manutenção do uso prolongado.The undue use of benzodiazepines particularly among women has raised concern in the public health area. This qualitative study aimed at understanding the beliefs and values associated with undue use of benzodiazepines among women. Thirty-three participants (aged between 18 and 60 with a history of undue use of benzodiazepines in the past year were selected intentionally using specific criteria. The interviews were fully transcribed and subjected to content analysis using NVivo software. The majority of respondents reported use for longer than the recommended duration (median 7 years and they purchased the drug with a medical prescription. Reasons for use most given were to deal with anxiety, to improve sleep and to "flee from problems." Even those who acknowledged the possibility of being addicted were not motivated to stop taking the drug. Medical supervision did not necessarily seem to influence the perception of risk of

  8. Custo-efetividade do rastreamento da infecção por Chlamydia trachomatis em mulheres brasileiras

    OpenAIRE

    Elisa Tomazzini Andrade

    2012-01-01

    Resumo: Introdução: A importância da infecção por Chlamydia trachomatis não está relacionada apenas à sua elevada frequência, mas principalmente pelas graves repercussões no aparelho genital feminino. Apenas 30% das pacientes infectadas apresentam sintomas e só 40% terão sinais que possam evidenciar sua presença. Cerca de 70% dos casos de infecção por Chlamydia trachomatis são assintomáticos e acabam não sendo diagnosticados, havendo, portanto a necessidade de programa de rastreamento para di...

  9. Saúde reprodutiva e mulheres indígenas do Alto Rio Negro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marta Azevedo

    Full Text Available O presente artigo descreve e analisa as concepções próprias das mulheres indígenas do Alto Rio Negro sobre saúde reprodutiva, relacionando-as a indicadores de fecundidade. As informações qualitativas apontam para um conhecimento detalhado e complexo que as mulheres indígenas dessa região possuem sobre seu corpo e os cuidados com sua saúde. Os níveis e padrões etários da fecundidade estão relacionados com a etnia das mulheres, portanto, aos sistemas tradicionais de cuidados com a saúde desses povos. A pesquisa foi desenvolvida entre 1997 e 2003, na região de Iauaretê, Terra Indígena Alto Rio Negro (AM, e teve como primeira fonte de dados o Censo Indígena Autônomo do Rio Negro - CIARN-, levado a efeito pela Federação das Organizações Indígenas do Rio Negro - FOIRN - em 1992.

  10. La gestión social del sílex melado durante el Neolítico medio en el nordeste de la Península Ibérica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Terradas, Xavier

    2002-06-01

    Full Text Available Not Available.

    [es] En este artículo presentamos la reconstrucción de las estrategias desarrolladas en la gestión de un recurso mineral concreto, el sílex melado presumiblemente procedente del valle del Ródano, por los grupos humanos que durante el Neolítico medio habitaron el nordeste peninsular. A partir de los restos líticos recuperados en varios yacimientos catalanes constatamos una fragmentación en el tiempo y el espacio de los procedimientos técnicos aplicados en la explotación de esta materia prima de origen lejano, orientada hacia la generación de una mayor rentabilidad de las actividades económicas desarrolladas. Sin embargo, esta rentabilidad entra en contradicción con el fin al que fueron destinados una gran parte de los productos obtenidos, como elementos de ajuaren inhumaciones individuales conocidas como sepulcros de fosa, al tratarse de productos no utilizados o todavía operativos desde un punto de vista funcional. [fr] La gestion sociale du silex blond durant le Néolithique Moyen au Nord-Est de la Péninsule Ibérique. Nous présentons ici la reconstruction des stratégies mises en œuvre dans la gestion d'un ressource minéral concret, le silex blond présumablement procédant de la vallée du Rhône, par les groupes humaines que pendant le Néolithique moyen habitèrent le nord-est de la Péninsule ibérique. A partir des vestiges lithiques récupérés dans plusieurs sites catalanes on constate une fragmentation dans le temps et l'espace des procédés techniques mises en œuvre par l'exploitation de cette matière première d'origine lointaine, dirigée vers l'obtention d'une plus grande rentabilité des activités économiques. Néanmoins, cette rentabilité est en contradiction avec la destination d'une grande partie des produits obtenus, encore opératifs du point de vue fonctionnel ou pas utilisés, vers des inhumations individuelles connues comme sépulcres de fosse.

  11. Diatermia ovariana guiada por ecografia transvaginal utilizando animais como modelo experimental

    OpenAIRE

    Anita Mylius Pimentel

    2012-01-01

    Introdução: A Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP) afeta 5 a 10% de mulheres em idade reprodutiva. O tratamento da infertilidade de causa anovulatória em pacientes com SOP envolve a indução da ovulação, sendo o citrato de clomifeno (CC) a medicação de primeira escolha. Nos casos resistentes ao CC, a segunda linha de tratamento pode ser medicamentosa (gonadotrofinas) ou cirúrgica (cauterização ou diatermia ovariana), realizada por videolaparoscopia (VLPC). A indução com gonadotrofinas aumen...

  12. Histórias de resistência de mulheres negras Resistance stories of African-Brazilian women

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Stela Nazareth Meneghel

    2005-12-01

    Full Text Available Esta é uma pesquisa intervenção na qual foram usadas oficinas de narrativas de histórias como dispositivo para estimular o empoderamento de mulheres. Essas oficinas, que contaram com a participação de dez mulheres em situação de violência de gênero, foram realizadas na sede da organização não-governamental Maria Mulher, situada na Vila Cruzeiro do Sul, no município de Porto Alegre. A partir de oficinas de narrativas de histórias em que se tematizaram histórias do feminino, especialmente afro-brasileiras, a pesquisa teve como objetivo principal compreender o que acontece com as mulheres que sofreram ou sofrem violência. Realizadas em cinco encontros nos quais as mulheres contaram e ouviram histórias e participaram de vivências, as oficinas oportunizaram espaço para narrar, ouvir e ritualizar as histórias das orixás e ressignificar as vidas a partir dessas vivências. Essa intervenção operou com as subjetividades das mulheres que fizeram parte da pesquisa e mostrou-se capaz de fortalecer algumas delas. A experiência constituiu um dispositivo de estímulo ao empoderamento das mulheres e contribuiu para o resgate da memória individual e coletiva desse grupo.This study consists of an intervention using narrative workshops as a device to stimulate the empowerment of women. Ten women, victims of gender violence, took part in a workshop developed by non-governmental organization for African-Brazilian women Maria Mulher, which gives assistance to women living in Vila Cruzeiro do Sul, in the city of Porto Alegre. The main objective of the research was to debate questions related to gender and violence, making use of stories and histories related to the feminine, specifically African-Brazilian stories. Five meetings were held, where the women told and were told stories, took part in group discussions, experiences and rituals. The workshops gave those women a space where they could tell and hear stories, take part in the rituals of

  13. A trajetória de vida das mulheres judias, sobreviventes do Holocausto: relatos orais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lilian Ferreira Souza

    2013-03-01

    Full Text Available A partir do registro dos relatos orais sobre o Holocausto, pretendemos analisar testemunhos que expressem as trajetórias das mulheres sobreviventes do nazismo. Como critério, optamos pelas narrativas daquelas que passaram por guetos, campos de concentração e/ ou trabalho forçados. O foco está nas histórias de vida daquelas que escolheram o Brasil como comunidade de destino pressionadas pela política antissemita endossada pelo Terceiro Reich e países colaboracionistas que previam a “Solução Final” para o povo judeu. Assim, os registros dos testemunhos têm como objetivo documentar essas narrativas redimensionadas à luz de documentos pessoais. Para nós – intermediários e interlocutores – esse exercício de reflexão ajudará a (repensar a sociedade que, ainda hoje, convive com novos genocídios.

  14. Síndrome hepatopulmonar em paciente com cirrose por vírus C e SIDA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    FERREIRA MARIA ANGÉLICA PIRES

    2001-01-01

    Full Text Available A síndrome hepatopulmonar consiste na tríade de doença hepática, dilatações vasculares intrapulmonares e hipoxemia. Não há relatos de síndrome hepatopulmonar associada com SIDA. Relatamos o caso de uma mulher de 43 anos portadora de SIDA e de cirrose hepática por hepatite C, em uso de cotrimoxazol profilático para pneumocistose e de terapia anti-retroviral, com dispnéia progressiva, cianose, baqueteamento digital, aranhas vasculares e exame do tórax normal. A radiografia do tórax mostrava infiltrado retículo-nodular, o gradiente alvéolo-arterial de oxigênio estava aumentado e a função hepática alterada. Shunt intrapulmonar foi evidenciado por ecocardiografia bidimensional transtorácica e por cintilografia pulmonar perfusional, confirmando-se a síndrome hepatopulmonar.

  15. Diptera, Muscidae, Cariocamyia maculosa Snyder: Primeiro Registro para o Nordeste do Brasil

    OpenAIRE

    Thayana Monteiro; Freddy Ruben Bravo

    2011-01-01

    Cariocamyia maculosa Snyder, é um Muscidae com registros para a Colômbia e Brasil (regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste). Em um levantamento de dípteros saprófagos na cidade de Feira de Santana no estado da Bahia com iscas de origem orgânico animal em putrefação, foram coletados 46 espécimes de C. maculosa. Esse é o primeiro registro da espécie para a Bahia e Nordeste do Brasil. Apesar de C. maculosa ter sido encontrada...

  16. Cuidar para um envelhecer saudável: a construção de um processo educativo com mulheres rurais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marilene Rodrigues Portella

    1999-09-01

    Full Text Available Este estudo identifica uma proposta de prática assistencial, que teve por objetivo a construção de um processo educativo, para um envelhecer saudável, com mulheres rurais, a partir de suas práticas culturais de saúde. O Marco Conceitual adotado, foi construído com base no referencial do "cuidado cultural", de Madeleine Leininger e na concepção pedagógica de Paulo Freire. Um processo de cuidar/educar, onde enfermeira e grupo, compartilham seus saberes, através do diálogo reflexivo e buscam "práticas culturais de saúde" que contribuam para um envelhecer saudável.

  17. Inclusão educacional, digital e social de mulheres no interior da Paraíba: uma experiência na UFPB

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rita Cristiana Barbosa

    Full Text Available Resumo: Este artigo discute questões de acesso à educação superior e inclusão digital de mulheres. Os sujeitos são alunas de três cursos de licenciatura na modalidade a distância ofertados pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB Virtual: Letras, Pedagogia e Ciências Agrárias. A pesquisa foi qualitativa e exploratória, focada em perspectiva de gênero, com abordagens documental e empírica. O método empregado consistiu na análise textual discursiva de material composto de vários tipos de narrativas. No marco teórico, utilizaram-se obras de Cecília Castaño, Fúlvia Rosemberg, Rena M. Palloff e Keith Pratt, entre outras. As narrativas coletadas e analisadas indicam que algumas mulheres têm, simultaneamente, acesso ao ensino superior e às tecnologias de informação e comunicação (TIC, por meio da educação a distância (EaD, o que propicia a recriação de suas identidades e seu empoderamento. A EaD pode ser, então, uma porta de inclusão, contribuindo para a diminuição da brecha digital de gênero.

  18. Alívio e tensão: um estudo sobre a interpretação e a aplicação da Lei Maria da Penha nas Delegacias de Defesa da Mulher e Distritos Policiais da Seccional de Polícia de Santo André - São Paulo

    OpenAIRE

    Marilda de Oliveira Lemos

    2010-01-01

    A violência contra a mulher constitui uma violação dos direitos humanos e das liberdades fundamentais. Em 2006, o governo brasileiro aprovou a Lei 11.340 Lei Maria da Penha - que coíbe a violência doméstica e familiar contra a mulher. Apesar do esforço que vem sendo feito por órgãos governamentais e não governamentais, a implantação da Lei Maria da Penha tem encontrado resistências. Alguns representantes do Poder Judiciário advogam a inconstitucionalidade da Lei. A interpretação e aplicabili...

  19. Perspectivas sociais e dominação simbólica: a presença política das mulheres entre Iris Marion Young e Pierre Bourdieu

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis Felipe Miguel

    2010-06-01

    Full Text Available O artigo trata da participação política das mulheres e de sua presença no poder político. Nessa temática, discute a tensão entre o potencial emancipacionista prometido pela incorporação de múltiplas perspectivas ao debate político e a ação reprodutora do campo. Partindo das causas que, a nosso ver, são responsáveis pela relativa ausência de mulheres dos círculos decisórios e por seu "desinteresse" pela política, discutimos as perspectivas orientadas, de uma forma ou de outra, para a solução (melhoramento dessa situação. O artigo organiza-se em três seções. Na primeira, defende-se a posição de que a via mais promissora para justificar a necessidade de presença das mulheres passa pelo entendimento de que os espaços de deliberação devem abrigar uma pluralidade de perspectivas sociais relevantes - um conceito associado, sobretudo, à obra da teórica estadunidense Iris Marion Young. Na segunda, discute-se alguns problemas desse conceito, em especial, certa ingenuidade que marca um ideal dele derivado: a geração de um espaço plural de discussão e de tomada de decisão em função da adoção de cotas eleitorais. Utiliza-se o conceito de "campo", extraído da obra de Pierre Bourdieu, para depurar as idéias de Young dessa ingenuidade. Na terceira seção, introduz-se um elemento adicional: a distinção, apresentada por Nancy Fraser, entre "políticas afirmativas" e "políticas transformadoras". Conclui-se, de forma preliminar, com um balanço dos limites e das potencialidades de uma política baseada na defesa da ampliação da presença de "perspectivas sociais".

  20. Causas básicas e associadas de morte por Aids, Estado de São Paulo, Brasil, 1998

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Santo Augusto Hasiak

    2000-01-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Descrever o padrão da mortalidade devida a Aids segundo causas básica e associadas de morte no Estado de São Paulo, em 1998. MÉTODOS: Os dados sobre a mortalidade e a população residente no Estado de São Paulo, SP, para 1998, foram obtidos na Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (Seade. As causas de morte foram codificadas pelas disposições da Décima Revisão da Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde. Os registros de Aids como causa básica e associada de morte foram recuperados e revistos. RESULTADOS: A Aids foi a causa básica em 4.619 mortes, correspondendo à décima causa (2,0% e ao coeficiente de mortalidade de 13,1 por 100.000 habitantes. As razões das mortes e os respectivos coeficientes entre homens e mulheres foram de 2,4 e 2,5. A Aids foi a segunda causa entre os homens de 20 a 34 anos de idade e entre as mulheres de 25 a 34. A idade média ao morrer entre as mulheres (34,1±12,2 anos foi estatisticamente menor que a dos homens (36,4±10,7 anos -- p<0,001. As principais causas associadas em mortes por Aids foram a insuficiência respiratória (36,1%, pneumonias (27,0%, tuberculose (19,6%, septicemias (18,6%, toxoplasmose (12,2%, pneumonia por P. carinii (8,3% e caquexia (7,9%. A Aids apresentou-se como causa associada em